Sample records for environmental exposure
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 20 shown. Select sample records:



1

Exposição ambiental a interferentes endócrinos com atividade estrogênica e sua associação com distúrbios puberais em crianças/ Environmental exposure to endocrine disruptors with estrogenic activity and the association with pubertal disorders in children

Alves, Crésio; Flores, Lindiana Chagas; Cerqueira, Taís Souza; Toralles, Maria Betânia P.
2007-05-01

Resumo em português A substância exógena que causa efeitos adversos na saúde de um organismo ou sua descendência, como resultado de distúrbios na função hormonal, é denominada interferente endócrino. Nos últimos anos, produtos ambientais com atividades hormonais têm sido documentados como causadores de anormalidades puberais ou reprodutivas em animais. Os poucos casos comprovados em humanos foram aqueles relacionados a exposições acidentais. Apesar disso, pediatras e pais recome (mais) ndam a suspensão de todos os alimentos potencialmente contaminados, em especial carne (aves, gado) e derivados da soja quando a criança apresenta alguma alteração puberal. Estas recomendações, se não embasadas cientificamente, podem ter conseqüências deletérias, não apenas pela eliminação de fontes protéicas da dieta, como também por retardar a investigação de causas tratáveis. Por outro lado, a não investigação dos efeitos adversos destes produtos é da mesma forma danosa. Esta revisão descreve os principais interferentes endócrinos responsáveis por alterações puberais em humanos e conclui que, excetuando exposições acidentais a altas quantidades destes produtos, mais estudos são necessários para responsabilizar a ação crônica e em baixas doses destas substâncias na alteração do tempo de desenvolvimento puberal em nossa espécie. Resumo em inglês Endocrine disruptors are exogenous substances with adverse health effects in intact organisms or their progeny, secondary to changes in endocrine function. Recent years have witnessed constant reports of environmental factors with hormone-like effects causing pubertal or reproductive abnormalities in animals. The few cases proven to be associated with pubertal disorders in humans have been related to accidental exposure. Nevertheless, pediatricians and parents recommend s (mais) uspending all possible estrogen-contaminated food, especially meat (poultry, beef) and soy products, when the child presents with a pubertal disorder. These recommendations, if not scientifically sound, may have deleterious consequences by eliminating sources of dietary protein and possibly delaying the investigation of other potential and treatable causes. On the other hand, not investigating potential side effects of these products could have similar harmful effects. The current article describes the main endocrine disruptors associated with pubertal disorders in humans and concludes that except for accidental exposure to high doses, more research is needed on the effects of chronic and low-dose exposures in altering human pubertal development.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

Exposição ambiental a interferentes endócrinos com atividade estrogênica e sua associação com distúrbios puberais em crianças/ Environmental exposure to endocrine disruptors with estrogenic activity and the association with pubertal disorders in children

Alves, Crésio; Flores, Lindiana Chagas; Cerqueira, Taís Souza; Toralles, Maria Betânia P.
2007-05-01

Resumo em português A substância exógena que causa efeitos adversos na saúde de um organismo ou sua descendência, como resultado de distúrbios na função hormonal, é denominada interferente endócrino. Nos últimos anos, produtos ambientais com atividades hormonais têm sido documentados como causadores de anormalidades puberais ou reprodutivas em animais. Os poucos casos comprovados em humanos foram aqueles relacionados a exposições acidentais. Apesar disso, pediatras e pais recome (mais) ndam a suspensão de todos os alimentos potencialmente contaminados, em especial carne (aves, gado) e derivados da soja quando a criança apresenta alguma alteração puberal. Estas recomendações, se não embasadas cientificamente, podem ter conseqüências deletérias, não apenas pela eliminação de fontes protéicas da dieta, como também por retardar a investigação de causas tratáveis. Por outro lado, a não investigação dos efeitos adversos destes produtos é da mesma forma danosa. Esta revisão descreve os principais interferentes endócrinos responsáveis por alterações puberais em humanos e conclui que, excetuando exposições acidentais a altas quantidades destes produtos, mais estudos são necessários para responsabilizar a ação crônica e em baixas doses destas substâncias na alteração do tempo de desenvolvimento puberal em nossa espécie. Resumo em inglês Endocrine disruptors are exogenous substances with adverse health effects in intact organisms or their progeny, secondary to changes in endocrine function. Recent years have witnessed constant reports of environmental factors with hormone-like effects causing pubertal or reproductive abnormalities in animals. The few cases proven to be associated with pubertal disorders in humans have been related to accidental exposure. Nevertheless, pediatricians and parents recommend s (mais) uspending all possible estrogen-contaminated food, especially meat (poultry, beef) and soy products, when the child presents with a pubertal disorder. These recommendations, if not scientifically sound, may have deleterious consequences by eliminating sources of dietary protein and possibly delaying the investigation of other potential and treatable causes. On the other hand, not investigating potential side effects of these products could have similar harmful effects. The current article describes the main endocrine disruptors associated with pubertal disorders in humans and concludes that except for accidental exposure to high doses, more research is needed on the effects of chronic and low-dose exposures in altering human pubertal development.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

Desigualdade ambiental no município de São Paulo: análise da exposição diferenciada de grupos sociais a situações de risco ambiental através do uso de metodologias de geoprocessamento/ Environmental inequality in the City of São Paulo, Brazil: analysis of differential exposure of social groups to situations of environmental risk by using geoprocessing methodologies/ Desigualdad ambiental en el municipio de San Pablo: análisis de la exposición diferenciada de grupos sociales a situaciones de riesgo ambiental a través del uso de metodologías de geoprocesamiento

Alves, Humberto Prates da Fonseca
2007-12-01

Resumo em português Este trabalho procura operacionalizar empiricamente o conceito de desigualdade ambiental, para identificar e caracterizar situações de desigualdade ambiental no município de São Paulo, através da utilização de metodologias de geoprocessamento. O objetivo é verificar e medir a existência (ou não) de associação entre piores condições socioeconômicas e maior exposição ao risco ambiental. Assim, são analisados os diferentes grupos sociais expostos a situaç� (mais) �es de risco ambiental, no município de São Paulo. A hipótese é de que os riscos ambientais são distribuídos de maneira desigual entre os diferentes grupos sociais, assim como a renda e o acesso a serviços públicos. Para testar essa hipótese, realizou-se uma análise comparativa da dinâmica demográfica e socioeconômica entre as populações residentes em áreas de risco ambiental e aquelas não residentes nestes tipos de área, com base em uma tipologia da distribuição espacial dos habitantes do município de São Paulo em três grupos sociais (pobres, classe média e classe alta). Os resultados mostram que, em todos os grupos sociais, as populações residentes em áreas de risco ambiental apresentam condições socioeconômicas significativamente piores do que as não residentes nessas áreas. Os resultados também revelam um aumento da desigualdade ambiental, no período recente. Resumo em espanhol Este trabajo procura operacionalizar empíricamente el concepto de desigualdad ambiental, para identificar y caracterizar situaciones de desigualdad ambiental en el municipio de San Pablo, a través de la utilización de metodologías de geoprocesamiento. El objetivo es verificar y medir la existencia (o no) de asociación entre peores condiciones socioeconómicas y mayor exposición al riesgo ambiental. De esta forma, son analizados los diferentes grupos sociales expuest (mais) os a situaciones de riesgo ambiental, en el municipio de San Pablo. La hipótesis es que los riesgos ambientales son distribuidos de manera desigual entre los diferentes grupos sociales, así como el ingreso y el acceso a servicios públicos. Para comprobar esta hipótesis, se realizó un análisis comparativo de la dinámica demográfica y socioeconómica entre las poblaciones residentes en áreas de riesgo ambiental y aquéllas no residentes en estos tipos de área, con base en una tipología de la distribución espacial de los habitantes del municipio de San Pablo en tres grupos sociales (pobres, clase media y clase alta). Los resultados muestran que, en todos los grupos sociales, las poblaciones residentes en áreas de riesgo ambiental presentan condiciones socioeconómicas significativamente peores que las no residentes en esas áreas. Los resultados también revelan un aumento de la desigualdad ambiental, en el período reciente. Resumo em inglês This article represents an effort at making operational the concept of environmental inequality, in order to identify and analyze situations of environmental inequality in the City of São Paulo, Brazil, by using geoprocessing methodologies. The objective is to identify and measure the association between unfavorable socioeconomic conditions and greater exposure to environmental risks, by analyzing the level of risk exposure of different social groups in São Paulo. The r (mais) esults show that, in all social groups, people living in risky areas have much lower socioeconomic conditions than those who living in other places. The results also show that environmental inequality in São Paulo has been increasing in recent years.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

4

Diversidade da exposição alergênica: implicações na obtenção da eficácia do controle ambiental/ Diversity of allergen exposure: implications for the efficacy of environmental control

Segundo, Gesmar Rodrigues Silva; Sopelete, Mônica Camargo; Terra, Sílvia Azevedo; Pereira, Fernando Lourenço; Justino, Caroline Morais; Silva, Deise Aparecida de Oliveira; Taketomi, Ernesto Akio
2009-04-01

Resumo em português As doenças alérgicas, como a asma, rinite, conjuntivite alérgica e a dermatite atópica têm apresentado um aumento na sua prevalência nas últimas décadas. A relação entre exposição alergênica, sensibilização atópica e desenvolvimento de doenças alérgicas são amplamente descrita na literatura. OBJETIVO: Discutir a dificuldade no controle ambiental da exposição alergênica como parte do tratamento das doenças alérgicas. MÉTODOS: Analisar trabalhos de (mais) exposição alergênica realizados com metodologia similar na região central do Brasil, incluindo casas, hotéis, cinemas, carros, táxis, ônibus e transporte escolar. RESULTADOS: Níveis elevados dos alérgenos do grupo 1 de Dermatophagoides pteronyssinus (Der p 1) e de D. farinae (Der f 1), capazes de causar sensibilização e exacerbação de sintomas foram encontrados na maioria dos ambientes estudados em uma larga proporção das amostras, enquanto os alérgenos de animais domésticos atingiram maiores níveis em carros e veículos de transporte escolar. CONCLUSÃO: A diversidade da exposição alergênica mostra a necessidade de uma compreensão da doença alérgica pelos pacientes e familiares, e que as medidas de controle do ambiente doméstico fazem parte de uma estratégia global do tratamento das doenças alérgicas, uma vez que os indivíduos vivem em uma sociedade e não isoladas no interior de seus domicílios. Resumo em inglês The prevalence of allergic diseases such as asthma, rhinitis, allergic conjunctivitis and atopic dermatitis has increased in the last decades. The relationship between allergen exposure, atopic sensitization and development of allergic diseases is widely described in the literature. AIM: To evaluate measures for reducing allergen exposure as part of the treatment of allergic diseases. METHODS: An analysis was made of previous studies on allergen exposure done with a simil (mais) ar methodology in the central region of Brazil; the study included homes, hotels, cinemas, cars, taxis, buses and scholar transportation. RESULTS: High levels of Der p 1 and Der f 1 mite allergens were found in a large proportion of the sample in most of the environments included in those studies; there were higher levels of pet allergens in cars and school transportation vehicles. CONCLUSION: The diversity of allergen exposure demonstrates the need for education about allergic diseases for patients and their families, as well as measures of reducing allergens in homes. This should be part of a global strategy of the management of allergic diseases, given that individuals live in society, not only in their houses.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

5

Avaliação da exposição a metais numa oficina de recuperação de armamento de uma organização militar/ Exposure assessment to metals in an armament repair shop of a military organization

Neves, Eduardo Borba; Mendonça Junior, Nelson; Moreira, Maria de Fátima Ramos
2009-12-01

Resumo em português O objetivo deste estudo foi a avaliação da exposição ocupacional ao chumbo e manganês dos trabalhadores de uma oficina de recuperação de armamento de uma organização militar. O ar do ambiente de trabalho foi avaliado no monitoramento ambiental e os indicadores biológicos de dose interna, para chumbo e manganês, em sangue e na urina, foram utilizados no monitoramento biológico. A concentração de manganês e chumbo nos filtros e fluidos biológicos foi determi (mais) nada por espectrometria de absorção atômica eletrotérmica. Os resultados do monitoramento ambiental indicaram níveis de Pb e Mn acima do TLV-TWA durante o processo de pintura (313,33 μg m-3) e solda (951 μg m-3). Os indicadores biológicos revelaram que cinco dos nove trabalhadores apresentam níveis de Pb-S que sugerem exposição ambiental ao chumbo (valores entre 5 e 10 μg dL-1). Pode-se concluir que existe uma pequena exposição ocupacional ao chumbo e ao manganês na oficina de tratamento superficial. Tal exposição é influenciada pelas condições meteorológicas e pela demanda variável de trabalho. Resumo em inglês The aim of this study was the occupational exposure assessment to lead and manganese of workers in an armament repair shop of a military organization. The air of the working environment was assessed in the environmental monitoring while the internal dose biological indicators for lead and manganese, in blood and urine, were used in biological monitoring. Metals concentration in filters and biological fluids were determined by electrothermal atomic absorption spectrometry. (mais) The results of the environmental monitoring showed lead and manganese levels above the TLV-TWA during the process of painting (313.33 g m-3) and solder (951 μg m-3). The biological indicators revealed that five of the nine employees presented Pb-S levels that suggested an environmental exposure to lead (values between 5 and 10 μg dL-1). It can be concluded that there is a small occupational exposure to lead and manganese in the superficial treatment repair shop. This exposure is influenced by weather conditions and the variable demand of work.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

6

Avaliação da exposição a metais numa oficina de recuperação de armamento de uma organização militar/ Exposure assessment to metals in an armament repair shop of a military organization

Neves, Eduardo Borba; Mendonça Junior, Nelson; Moreira, Maria de Fátima Ramos
2009-12-01

Resumo em português O objetivo deste estudo foi a avaliação da exposição ocupacional ao chumbo e manganês dos trabalhadores de uma oficina de recuperação de armamento de uma organização militar. O ar do ambiente de trabalho foi avaliado no monitoramento ambiental e os indicadores biológicos de dose interna, para chumbo e manganês, em sangue e na urina, foram utilizados no monitoramento biológico. A concentração de manganês e chumbo nos filtros e fluidos biológicos foi determi (mais) nada por espectrometria de absorção atômica eletrotérmica. Os resultados do monitoramento ambiental indicaram níveis de Pb e Mn acima do TLV-TWA durante o processo de pintura (313,33 μg m-3) e solda (951 μg m-3). Os indicadores biológicos revelaram que cinco dos nove trabalhadores apresentam níveis de Pb-S que sugerem exposição ambiental ao chumbo (valores entre 5 e 10 μg dL-1). Pode-se concluir que existe uma pequena exposição ocupacional ao chumbo e ao manganês na oficina de tratamento superficial. Tal exposição é influenciada pelas condições meteorológicas e pela demanda variável de trabalho. Resumo em inglês The aim of this study was the occupational exposure assessment to lead and manganese of workers in an armament repair shop of a military organization. The air of the working environment was assessed in the environmental monitoring while the internal dose biological indicators for lead and manganese, in blood and urine, were used in biological monitoring. Metals concentration in filters and biological fluids were determined by electrothermal atomic absorption spectrometry. (mais) The results of the environmental monitoring showed lead and manganese levels above the TLV-TWA during the process of painting (313.33 g m-3) and solder (951 μg m-3). The biological indicators revealed that five of the nine employees presented Pb-S levels that suggested an environmental exposure to lead (values between 5 and 10 μg dL-1). It can be concluded that there is a small occupational exposure to lead and manganese in the superficial treatment repair shop. This exposure is influenced by weather conditions and the variable demand of work.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

7

Associação entre controle ambiental domiciliar e exacerbação da asma em crianças e adolescentes do município de Camaragibe, Pernambuco/ Relationship between home environmental control and exacerbation of asthma in children and adolescents in the city of Camaragibe in the State of Pernambuco, Brazil

Melo, Rosane M. Barreto de; Lima, Luciane S. de; Sarinho, Emanuel S.Cavalcanti
2005-02-01

Resumo em português INTRODUÇÃO: A hipersensibilidade aos ácaros da poeira doméstica, mofo e pêlos de animais é comum entre pacientes com asma. As medidas de controle ambiental estão entre as várias ações terapêuticas, e buscam reduzir a exposição aos alérgenos. OBJETIVO: Verificar a prevalência de controle ambiental adequado em uma população atendida pelo programa de saúde da família e a possível associação com exacerbações de asma em crianças e adolescentes na faixa (mais) etária de 5 a 14 anos no município de Camaragibe (PE). MÉTODO: Estudo transversal com 210 mães/responsáveis por crianças/adolescentes em que se aplicaram os formulários do International Study of Asthma and allergies in children para caracterizar a exacerbação das crises de asma, e em que se utilizou o Guia de Avaliação Ambiental do Alérgico na observação direta do quarto e da sala das residências. RESULTADOS: Entre as 210 crianças/adolescentes que apresentaram asma em 2001, foi observado controle ambiental adequado em 141 casos (67,1%), não havendo associação entre o grau de controle ambiental e menor freqüência ( Resumo em inglês BACKGROUND: Hypersensitivity to dust mites, mold and pet dander found in the home is common among patients with asthma. Home environmental control to reduce exposure to allergens is one of various therapeutic measures that can be taken. OBJECTIVES: To determine the prevalence of adequate home environmental control among a study population monitored by the Family Health Program and to identify any possible correlation with the exacerbation of asthma among children between (mais) the ages of 5 and 14 in the city of Camaragibe, located in the state of Pernambuco, Brazil. METHOD: A transversal study was carried out involving 210 mothers/guardians of children, to whom International Study of Asthma and Allergies in Children questionnaires were administered in order to characterize the exacerbation of asthma attacks. The Environment Assessment Guide of Allergic Patients was used to assess the bedrooms and living rooms in the home. RESULTS: Among the 210 asthmatic children and adolescents evaluated in 2001, adequate home environmental control was observed in 141 (67.1%), and no correlation was observed between the degree of environmental control and fewer (

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

8

Os biomarcadores e sua aplicação na avaliação da exposição aos agentes químicos ambientais/ Biomarkers for evaluating exposure to chemical agents present in the environment

Amorim, Leiliane Coelho André
2003-06-01

Resumo em português A Saúde Ambiental tem como um de seus objetivos, a prevenção dos danos à saúde causados por contaminantes químicos presentes no meio ambiente, fazendo com que os níveis desta exposição sejam mantidos em valores que não constituam um risco inaceitável. Para isso, tornam-se necessárias a identificação e quantificação deste risco através da avaliação biológica da exposição humana. Este é um artigo de revisão que busca apresentar conceitos e concepçõ (mais) es que abrangem o uso dos parâmetros biológicos com a finalidade de avaliar a exposição às substâncias químicas e estimar o risco das populações expostas. Os biomarcadores podem ser usados para vários propósitos, dependendo da finalidade do estudo e do tipo da exposição e podem ser classificados em três tipos: de exposição, de efeito e de suscetibilidade, os quais são instrumentos que possibilitam identificar a substância tóxica ou uma condição adversa antes que sejam evidenciados danos à saúde. Novos parâmetros são apresentados, como os biomarcadores de neurotoxicidade (ou marcadores substitutos), que têm como desafio detectar ações precoces de agente químicos que agem no sistema nervoso central através da identificação de indicadores presentes no sistema periférico, que são equivalentes aos parâmetros presentes no tecido nervoso. Resumo em inglês One of goals of environmental health is to prevent disease and injuries caused by chemical pollutants present in the environment. The main objective is to keep chemical exposure to an acceptable level that does not imply in risk. In order to accomplish that, it is necessary to identify and quantify chemical risk through biological assessment of human exposure. In this review, we present concepts and principles covering the utilization of biological indicators in order to (mais) evaluate exposure to chemicals and risk to human health. The use of biomarkers with different purposes may be classified in to three types: of exposure (internal dose), of effect and of susceptibility, which are means for identifying toxic substances or hazardous conditions before demage to health has occurred. New parameters are presented, such as biomarkers of neurotoxicity (or surrogate indicators), whose purpose is to detect early action of chemicals on the nervous system, through the determination of indicators present in peripheral body fluids, which are equivalent parameters of the nervous tissue.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

9

Os biomarcadores e sua aplicação na avaliação da exposição aos agentes químicos ambientais/ Biomarkers for evaluating exposure to chemical agents present in the environment

Amorim, Leiliane Coelho André
2003-06-01

Resumo em português A Saúde Ambiental tem como um de seus objetivos, a prevenção dos danos à saúde causados por contaminantes químicos presentes no meio ambiente, fazendo com que os níveis desta exposição sejam mantidos em valores que não constituam um risco inaceitável. Para isso, tornam-se necessárias a identificação e quantificação deste risco através da avaliação biológica da exposição humana. Este é um artigo de revisão que busca apresentar conceitos e concepçõ (mais) es que abrangem o uso dos parâmetros biológicos com a finalidade de avaliar a exposição às substâncias químicas e estimar o risco das populações expostas. Os biomarcadores podem ser usados para vários propósitos, dependendo da finalidade do estudo e do tipo da exposição e podem ser classificados em três tipos: de exposição, de efeito e de suscetibilidade, os quais são instrumentos que possibilitam identificar a substância tóxica ou uma condição adversa antes que sejam evidenciados danos à saúde. Novos parâmetros são apresentados, como os biomarcadores de neurotoxicidade (ou marcadores substitutos), que têm como desafio detectar ações precoces de agente químicos que agem no sistema nervoso central através da identificação de indicadores presentes no sistema periférico, que são equivalentes aos parâmetros presentes no tecido nervoso. Resumo em inglês One of goals of environmental health is to prevent disease and injuries caused by chemical pollutants present in the environment. The main objective is to keep chemical exposure to an acceptable level that does not imply in risk. In order to accomplish that, it is necessary to identify and quantify chemical risk through biological assessment of human exposure. In this review, we present concepts and principles covering the utilization of biological indicators in order to (mais) evaluate exposure to chemicals and risk to human health. The use of biomarkers with different purposes may be classified in to three types: of exposure (internal dose), of effect and of susceptibility, which are means for identifying toxic substances or hazardous conditions before demage to health has occurred. New parameters are presented, such as biomarkers of neurotoxicity (or surrogate indicators), whose purpose is to detect early action of chemicals on the nervous system, through the determination of indicators present in peripheral body fluids, which are equivalent parameters of the nervous tissue.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

10

Biomarcadores para avaliação da exposição humana às micotoxinas/ Biomarkers for assessment of human exposure to mycotoxins

Bando, Érika; Gonçales, Leandro Nishikawa; Tamura, Nathalie Kira; Machinski Junior, Miguel
2007-06-01

Resumo em português Atualmente, as micotoxinas representam um risco de contaminação ambiental, acarretando sérios prejuízos à saúde humana. Essas toxinas podem estar presentes em diferentes tipos de alimentos, que constituem a principal fonte de exposição para o homem. As exposições podem ser monitoradas através do uso de biomarcadores, que elucidam a relação causa/efeito e dose/efeito na avaliação de risco à saúde para fins de diagnóstico clínico e laboratorial. Realizou- (mais) se uma revisão bibliográfica do período de 1981-2005, no MEDLINE, sobre utilização e propostas de biomarcadores para a exposição a aflatoxinas, fumonisinas, desoxinivalenol e ocratoxina A. Os possíveis biomarcadores para avaliar a exposição humana às aflatoxinas foram os metabólitos urinários de aflatoxina B1, como aflatoxina M1, aflatoxina P1, aflatoxina Q1, aflatoxina livre em soro ou plasma, os adutos de AFB-N7-guanina, os adutos de albumina ou mutação no gene supressor de tumor p53, presentes em fluidos biológicos. Para as fumonisinas, os biomarcadores foram os níveis de fumonisina B1 e fumonisina B2 livres, ou de esfinganina e esfingosina em sangue e urina. O desoxinivalenol tem como biomarcadores de exposição os produtos de seu metabolismo e adutos macromoleculares (proteína/DNA) presentes nos fluidos biológicos. Para a exposição à ocratoxina A (OA) os biomarcadores se restringem à quantificação da própria toxina nos fluidos biológicos. A avaliação da exposição às micotoxinas constitui um importante aspecto para a saúde pública, tendo em vista a possibilidade de prevenir ou minimizar a incidência de doenças decorrentes da sua interação com o organismo. Resumo em inglês Currently, mycotoxins represent a risk of environmental contamination, causing serious damages to human health. Those toxins can be found in different kinds of foods, and they constitute the main source of human exposure. The evaluation of such exposures can be monitored through the use of biomarkers, which elucidates the cause/effect and dose/effect relation in the evaluation of health risks for clinical and laboratory diagnostic purposes. The MEDLINE review about the us (mais) e of biomarkers for assessment of aflatoxins, fumonisins, deoxynivalenol and ochratoxin A was carried out from 1981 to 2005. The biomarkers for assessment of human exposure to aflatoxins were the urinary metabolites of aflatoxin B1: aflatoxin M1, aflatoxin P1, aflatoxin Q1, the free aflatoxin in serum or plasma, the AFB-N7-guanine adducts and the albumin adducts or mutation in the tumour suppressor gene p53 present in human biological fluids. As far as fumonisins are concerned, levels of free fumonisin B1 and fumonisin B2, or levels of sphinganine and sphingosin, were quantified in blood and urine. As exposure biomarkers, deoxynivalenol has its own metabolism products and adducts (protein/DNA) present in human fluids. As to ochratoxin A exposure, we measure it in biological fluids, once it enables us to prevent or minimize the incidence of deaths or illnesses provoked by chemical exposure.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

11

Vigilância ambiental em saúde e sua implantação no Sistema Único de Saúde/ Environmental surveillance in health in Brazil's Unified Health System

Barcellos, Christovam; Quitério, Luiz Antônio Dias
2006-02-01

Resumo em português A incorporação da vigilância ambiental no campo das políticas públicas de saúde é uma demanda relativamente recente no Brasil. Um dos principais desafios da vigilância ambiental em saúde é a definição do seu objeto e a especificidade de suas ações. O conceito ampliado de exposição, tratado não como um atributo da pessoa, mas do conjunto de relações complexas entre a sociedade e o ambiente, é central para a definição de indicadores e para a orientaç� (mais) �o da prática de vigilância ambiental. Entre as dificuldades encontradas para sua efetivação no Sistema Único de Saúde estão a necessidade de reestruturação das ações de vigilância em saúde e a formação de equipes multidisciplinares, com capacidade de diálogo com outros setores, além da construção de sistemas de informação capazes de auxiliar a análise de situações de saúde e a tomada de decisões. Nesse sentido, foi realizada uma revisão do objeto e conceitos da vigilância ambiental em saúde, bem como identificados os desafios para a sua implantação no Sistema Único de Saúde. Resumo em inglês The incorporation of environmental surveillance in the field of public health policies is a relatively recent demand in Brazil. One of the major challenges in environmental health surveillance is defining its object and the specificity of its practice. The expanded concept of exposure, treated as a set of complex relations between a society and the environment, and not as a personal attribute, is central to the definition of indicators and should guide the practice of env (mais) ironmental surveillance in the health sector. Among the difficulties encountered in applying this concept within the Brazilian Health System, is the need to restructure health surveillance activities and to form multidisciplinary teams capable of dialoguing with other sectors. Furthermore, information systems capable of aiding in health situation analysis and decision making must be constructed. Taking this into consideration, a review of the object and concepts of environmental health surveillance was undertaken and the challenges with respect to its implementation in the Brazilian Health System were identified.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

12

Vigilância ambiental em saúde e sua implantação no Sistema Único de Saúde/ Environmental surveillance in health in Brazil's Unified Health System

Barcellos, Christovam; Quitério, Luiz Antônio Dias
2006-02-01

Resumo em português A incorporação da vigilância ambiental no campo das políticas públicas de saúde é uma demanda relativamente recente no Brasil. Um dos principais desafios da vigilância ambiental em saúde é a definição do seu objeto e a especificidade de suas ações. O conceito ampliado de exposição, tratado não como um atributo da pessoa, mas do conjunto de relações complexas entre a sociedade e o ambiente, é central para a definição de indicadores e para a orientaç� (mais) �o da prática de vigilância ambiental. Entre as dificuldades encontradas para sua efetivação no Sistema Único de Saúde estão a necessidade de reestruturação das ações de vigilância em saúde e a formação de equipes multidisciplinares, com capacidade de diálogo com outros setores, além da construção de sistemas de informação capazes de auxiliar a análise de situações de saúde e a tomada de decisões. Nesse sentido, foi realizada uma revisão do objeto e conceitos da vigilância ambiental em saúde, bem como identificados os desafios para a sua implantação no Sistema Único de Saúde. Resumo em inglês The incorporation of environmental surveillance in the field of public health policies is a relatively recent demand in Brazil. One of the major challenges in environmental health surveillance is defining its object and the specificity of its practice. The expanded concept of exposure, treated as a set of complex relations between a society and the environment, and not as a personal attribute, is central to the definition of indicators and should guide the practice of env (mais) ironmental surveillance in the health sector. Among the difficulties encountered in applying this concept within the Brazilian Health System, is the need to restructure health surveillance activities and to form multidisciplinary teams capable of dialoguing with other sectors. Furthermore, information systems capable of aiding in health situation analysis and decision making must be constructed. Taking this into consideration, a review of the object and concepts of environmental health surveillance was undertaken and the challenges with respect to its implementation in the Brazilian Health System were identified.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

13

Doenças granulomatosas ocupacionais/ Granulomatous diseases of occupational etiology

Bagatin, Ericson; Pereira, Carlos Alberto de Costa; Afiune, Jorge Barros
2006-05-01

Resumo em português Por apresentarem achados comuns caracterizados pela formação de granulomas; manisfestações sistêmicas e respiratórias; exposição ambiental e ocupacional a agentes orgânicos e inorgânicos; envolvimento de linfócitos T em sua patogênese e aspectos clínicos similares, a pneumonite por hipersensibilidade, as micobacterioses, a sarcoidose e as doenças pulmonares por exposição ao berílio e aos metais duros, foram englobadas numa denominação didática como doe (mais) nças granulomatosas de provável etiologia ocupacional. Com o intuito de destacar a possibilidade da exposição ambiental e ocupacional como desencadeadora dessas doenças, algumas considerações sobre os aspectos epidemiológicos, da avaliação da exposição, da patogênese, dos critérios diagnósticos e da prevenção e controle dessas doenças foram abordados. Foram destacados, também, grupos de indivíduos considerados como de maior risco de acometimento e a necessidade dos profissionais da área da saúde estarem atentos em relação a eventual etiologia ocupacional dessas doenças, fator decisivo para a elaboração de medidas efetivas de prevenção e de vigilância epidemiológica. Resumo em inglês A variety of diseases are encompassed in the didactic denomination of "granulomatous diseases of probable occupational etiology". As well as presenting similar clinical aspects, such diseases are characterized by certain common traits: formation of granulomas; systemic and respiratory manifestations; environmental or occupational exposure to organic or inorganic agents; and T lymphocyte involvement in the pathogenesis. Included in this category are hypersensitivity pneumo (mais) nitis, mycobacteriosis (all forms) and sarcoidosis, as well as beryllium disease and other lung diseases caused by exposure to heavy metals. In order to highlight the risk of developing one of these diseases as a result of environmental or occupational exposure to etiologic agents, we address aspects related to epidemiology, pathogenesis and evaluation of exposure of these diseases, as well as those related to diagnostic criteria, prevention and control. We have given special emphasis to groups of individuals considered to be at high risk for developing these diseases, as well as to the need for health care professionals to remain aware of the potential occupational etiology of such diseases, a decisive factor in devising effective measures of prevention and epidemiological surveillance.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

14

Alterações no sistema vestibulococlear decorrentes da exposição ao agrotóxico: revisão de literatura/ Vestibulocochlear system alterations caused by exposure to pesticides: a literature review

Körbes, Daiane; Silveira, Aron Ferreira da; Hyppolito, Miguel Ângelo; Munaro, Gisiane
2010-01-01

Resumo em português Os agrotóxicos são amplamente utilizados no meio rural e sua larga utilização, desprovida de medidas de biossegurança apropriadas, vem provocando impactos potenciais tanto para a degradação ambiental quanto para o organismo humano, aumentando a incidência de intoxicações ocupacionais. O objetivo do presente estudo foi revisar e discutir a respeito da exposição aos agrotóxicos e sua influência na função e estrutura do sistema auditivo. Foram revisados peri� (mais) �dicos nacionais e internacionais relevantes indexados no PubMed, Medline, Bireme e LILACS, assim como capítulos de livros e dissertações publicados no período entre 1987 e 2009. As pesquisas sugerem que a exposição, principalmente crônica, aos agrotóxicos induz a alterações funcionais no sistema vestibulococlear, manifestando ainda uma série de sinais e sintomas. Apesar da escassez de dados sobre a influência do organofosforado nas características morfológicas do aparelho auditivo, os estudos indicam que a exposição de caráter agudo aos agrotóxicos pode também ser responsável por alterações no sistema auditivo, caracterizadas por lesões estruturais na cóclea, principalmente nas células ciliadas externas. Resumo em inglês Pesticides are widely used in agriculture, and the widespread application of these agents, without the appropriate use of bio-security measures, has been causing potential impacts for environmental degradation, as well as for the human organism, increasing the incidence of occupational poisoning. The aim of the present study was to review the available literature and to carry out a discussion regarding pesticides exposure and its harmful effects on the auditory system's f (mais) unction and structure. Relevant national and international journals indexed in PubMed, Medline, Bireme and LILACS were reviewed, as well as book chapters and dissertations published between 1987 and 2009. The available data suggest that chronic exposure to pesticides lead to functional alterations in the vestibulocochlear system, as well as a series of signs and symptoms. In spite of the scarce data describing organophosphorus influence on morphological characteristics of the auditory system, the literature suggest that acute exposure to pesticides can also be responsible for auditory system alterations, characterized by structural lesions in the cochlea, mainly in outer hair cells.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

15

Mesotelioma maligno de pleura com associação etiológica a asbesto: a propósito de três casos clínicos/ Diffuse malign mesothelioma of pleura etiologically related to asbestos exposure: discussion of three clinical cases

Capitani, E.M. de; Metze, K.; Frazato Jr., C.; Altemani, A.M.A.; Zambom, L.; Toro, I.F.C.; Bagatin, E.
1997-09-01

Resumo em português O mesotelioma maligno de pleura (MM) é tumor de ocorrência rara em nosso meio e tem-se mostrado, quando em elevada incidência, relacionado à exposição pregressa a asbesto ou amianto nas séries descritas em outros países. OBJETIVO. A partir de casos clínicos atendidos no Hospital de Clínicas da Unicamp, procurou-se evidenciar tal associação epidemiológica, visando alertar profissionais médicos quanto à possível elevação da incidência de tal tumor nesta d (mais) écada e, futuramente, por características próprias da história natural desse tipo de tumor. MÉTODOS. São descritos três casos de MM de pleura ocorridos na região de Campinas, SP, num período de dois anos, dos pontos de vista clínico, laboratoriais complementares e anatomopatológico, incluindo minuciosa investigação anamnésica ocupacional e ambiental. RESULTADOS. Todos os casos foram confirmados do ponto de vista anatomopatológico, incluindo microscopia eletrônica, como casos de MM. Os três casos mostraram relação epidemiológica, comprovada por meio de história ocupacional, com exposição a asbesto no passado. Um dos casos teve exposição ocupacional pregressa de curta duração (cerca de um ano); outro teve exposição doméstica a partir de asbesto trazido do ambiente de trabalho por seu pai, durante sua infância, e o terceiro caso com contaminação ocupacional indireta. CONCLUSÃO. A ocorrência de MM de pleura relacionada à exposição a asbesto, no passado, parece ser realidade em nosso meio, como mostram estes três casos clínicos. Destaca-se a necessidade da anamnese ocupacional e ambiental detalhadas na abordagem desses casos, alertando-se para maior atenção no diagnóstico dos tumores primários da pleura e do peritônio, nos próximos anos, em função de provável aparecimento de novos casos relacionados a exposição a asbesto pregressa, tendo em vista o intervalo de tempo entre o início da manipulação do asbesto em nosso país e o aparecimento destes primeiros casos coincidir com o tempo de latência médio esperado para a ocorrência de MM. Destacam-se, ainda, as necessidades de definição precisa de critérios diagnósticos, para esse tipo de tumor, e criação de registro centralizado de casos. Resumo em inglês Diffuse Malign Mesotheliomas (DMM) has a low background prevalence. High incidences of this tumor have been related to asbestos exposure in the past. PURPOSE. To describe and discuss three clinical cases treated in our hospital, in which precise histopathologic diagnosis was made, and detailed occupational and environmental histories were taken, trying to identify in their past some kind of asbestos exposure. METHODS. Three cases of DMM are described. Diagnosis was confir (mais) med by histochemical analysis and electronmicroscopy. Detailed occupational and environmental histories were taken from subjects and their families, searching for past contact with asbestos. RESULTS. The cases were diagnosed in a short period of time (two years), in a region of the country where many asbestos cement plants are located since the mid sixties. Skillful histological procedures were used. From these cases we found out that one had a twelve months period of exposure, 24 years before, in one of those plants. Another patient had an exposure for three years, as a bystander, in the same plant (also 24 years before) and a third patient was contaminated by asbestos brought home by his father in the 1950s (latency period of 30 years). All cases were histochemically studied and diagnosis confirmed by the presence of microvilli at electronmicroscopic examination. CONCLUSIONS. These three cases seem to confirm the existence of the epidemiologic association with asbestos exposure in our country. Definition of diagnosis criteria, centralization of cases registry and the necessity of more attention to this kind of asbestos related disease are discussed and stressed, as many new cases like those described are thought to occur in the near future, as the latency period of the disease seems to match with that of industrial asbestos manipulation in Brazil.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

16

A ventilação e a fumaça ambiental de cigarros/ Ventilation and environmental tobacco smoke

Seelig, Marina Fonseca; Campos, Cláudia Rejane Jacondino de; Carvalho, Jonas da Costa
2005-12-01

Resumo em português A fumaça ambiental de cigarros (FAC) é uma das principais contribuintes para o aumento da concentração e da exposição a partículas em ambientes fechados. É comprovado que muitos de seus compostos químicos são tóxicos ou cancerígenos e que sua inalação pode causar vários danos à saúde. Embora, salvo em áreas especificadas, proibido por lei, o fumo em recintos coletivos é comum no Brasil e, na maioria dos casos, as áreas destinadas a ele, quando existent (mais) es, não são devidamente isoladas, prejudicando os não-fumantes. A indústria do tabaco e a da hospitalidade vendem a ventilação como a solução desse problema, mas estudos indicam que ela não o é. Este artigo aborda a problemática da exposição à FAC por seus aspectos ligados à saúde e à poluição. Resumo em inglês Environmental tobacco smoke (ETS) is a major contributor to indoor air concentrations and exposure to particles. It's known that many of its chemical compounds are toxic or carcinogens and its inhalation may cause many health injuries. Although, except in specified areas, forbidden by law, smoking in collective places is a common activity in Brazil, and, in most of the cases, specified areas, when existing, are not propriety isolated, injuring nonsmokers. Tobacco and hosp (mais) itality industries maintain ventilation as a solution for this problem, but studies indicate that it is not the appropriate solution. This article approaches the ETS exposure problem through health and pollution implications.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

17

A ventilação e a fumaça ambiental de cigarros/ Ventilation and environmental tobacco smoke

Seelig, Marina Fonseca; Campos, Cláudia Rejane Jacondino de; Carvalho, Jonas da Costa
2005-12-01

Resumo em português A fumaça ambiental de cigarros (FAC) é uma das principais contribuintes para o aumento da concentração e da exposição a partículas em ambientes fechados. É comprovado que muitos de seus compostos químicos são tóxicos ou cancerígenos e que sua inalação pode causar vários danos à saúde. Embora, salvo em áreas especificadas, proibido por lei, o fumo em recintos coletivos é comum no Brasil e, na maioria dos casos, as áreas destinadas a ele, quando existent (mais) es, não são devidamente isoladas, prejudicando os não-fumantes. A indústria do tabaco e a da hospitalidade vendem a ventilação como a solução desse problema, mas estudos indicam que ela não o é. Este artigo aborda a problemática da exposição à FAC por seus aspectos ligados à saúde e à poluição. Resumo em inglês Environmental tobacco smoke (ETS) is a major contributor to indoor air concentrations and exposure to particles. It's known that many of its chemical compounds are toxic or carcinogens and its inhalation may cause many health injuries. Although, except in specified areas, forbidden by law, smoking in collective places is a common activity in Brazil, and, in most of the cases, specified areas, when existing, are not propriety isolated, injuring nonsmokers. Tobacco and hosp (mais) itality industries maintain ventilation as a solution for this problem, but studies indicate that it is not the appropriate solution. This article approaches the ETS exposure problem through health and pollution implications.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

18

Repercussões clínicas da exposição à poluição atmosférica/ Clinical repercussions of exposure to atmospheric pollution

Cançado, José Eduardo Delfini; Braga, Alfesio; Pereira, Luiz Alberto Amador; Arbex, Marcos Abdo; Saldiva, Paulo Hilário Nascimento; Santos, Ubiratan de Paula
2006-05-01

Resumo em português A poluição atmosférica é um assunto exaustivamente discutido mundialmente. As repercussões clínicas decorrentes das exposições aos principais poluentes atmosféricos são apresentadas resumidamente. Os padrões de qualidade do ar para esses agentes, segundo a Agência de Proteção Ambiental Americana, estão descritos em relação aos seus valores primários e tempo médio. Os efeitos respiratórios conseqüentes à queima de combustíveis fósseis e de biomassa (mais) são apresentados de forma sucinta visando, essencialmente, a alertar os profissionais da saúde para o aumento da morbidade relacionada com a poluição ambiental. Resumo em inglês Atmospheric pollution is a topic of extensive discussion the world over. The clinical repercussions of exposure to the principal atmospheric pollutants are summarized herein. According to the American Environmental Protection Agency, air quality standards for these agents are set based on their primary and half-life values. The respiratory effects of the burning of fossil fuels and biomass are succinctly presented, with a special focus on alerting health care professionals of the increased morbidity related to environmental pollution.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

19

Exposição a hidroquinona e ao fenol sobre a resposta inflamatória pulmonar induzida por bactéria/ Hydroquinone and phenol exposure on pulmonary inflammatory response induced by bacteria

Ferreira, Alexandre; Macedo, Sandra Manoela Dias; Ligeiro-Oliveira, Ana Paula; Lima, Wothan Tavares de; Farsky, Sandra Helena Poliselli; Coelho, Fernando Rodrigues
2007-09-01

Resumo em português A gravidade dos efeitos causados pela exposição ambiental e ocupacional ao benzeno determinou o controle de sua utilização. No entanto, mesmo nestas condições, toxicidade ao sistema imune e nervoso tem sido descrita. A toxicidade do benzeno é determinada pelos seus produtos de biotransformação, em que fenol (FE) e hidroquinona (HQ) têm papel relevante na imunotoxicidade. Neste contexto, o presente trabalho mostra que a exposição de ratos Wistar, machos, a dose (mais) s de 5 ou 10 mg/kg de HQ (via i.p., uma vez ao dia, 13 doses consecutivas, com intervalos de 2 dias a cada 5 doses) provocou reduções acentuadas no influxo de leucócitos polimorfonucleares (PMN) e mononucleares (MN) para o pulmão 24 horas após inalação de Lipopolissacarídeo (LPS) de Salmonella abortus. Diferentemente, a migração de leucócitos em animais expostos ao FE não foi alterada. A exposição a ambos os agentes químicos simultaneamente (dose de 5 mg/kg cada) manteve a redução na migração de MN detectada em animais expostos à HQ e potencializou o efeito inibitório da HQ sobre a migração de leucócitos PMN. Os prejuízos nas migrações de leucócitos não foram decorrentes de modificações no número destas células na circulação. É importante ressaltar que os efeitos foram induzidos por doses dos agentes químicos que não causaram prejuízo à função hepática ou renal, determinados pela atividade das transaminases hepáticas e a concentração de creatinina no soro. Em conjunto, os dados obtidos mostram a exposição a baixas doses de HQ não provoca alterações nos parâmetros empregados como indicadores de toxicidade. No entanto, os efeitos tóxicos são manifestados resposta do organismo ao trauma. Resumo em inglês The high toxicity induced by occupational and environmental benzene exposure lead to its use restriction. However, at these conditions, neuronal and immune toxicity has been described. It is well known that benzene metabolites, such as hydroxyl compounds phenol (PHE) and hydroquinone (HQ), are responsible for immunotoxicity. In this context, it has shown herein that male Wistar rats exposed to HQ (doses of 5 or 10 mg/kg/day; 13 days with 2-day intervals every 5 doses) pre (mais) sented marked reduction in the number of mononuclear (MN) and polymorphonuclear (PMN) leukocytes in the bronchoalveolar fluid 24 hours after inhalation of Lipopolyssacaride of Salmonella abortus (LPS; 100 µg/mL). On the other hand, leukocyte migration into inflamed lungs was not altered in FE exposed rats, since values obtained were similar to those detected in control animals. Simultaneous exposure to HQ and PHE (5 mg/kg each compound) maintained the decreased number of MN cells observed in HQ exposed rats and potentiated the reduction of PMN cells induced by HQ exposure. The impaired leukocyte migration into inflamed lung did not reflect alterations on number of circulating cells. Moreover, it is important to emphasize that schedule of intoxication did not alter the functional ability of liver and kidney, as detected by normal activity of transaminases and creatinine concentration in the serum. Therefore, it is shown herein that in vivo exposures to lower doses of HQ do not alter end points used as biological indicators of toxicity, nevertheless toxic effects are evident after a host defense.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

20

Avaliação dos fatores de risco relacionados à exposição ao chumbo em crianças e adolescentes do Rio de Janeiro/ Evaluation of risk factors related to lead exposure in children and adolescents from Rio de Janeiro

Mattos, Rita de Cássia Oliveira da Costa; Carvalho, Márcia Aparecida Ribeiro de; Mainenti, Helena Ramirez Domingos; Xavier Junior, Ely Caetano; Sarcinelli, Paula de Novaes; Carvalho, Leandro Barreto Vargas de; Borges, Renato Marçullo; Quitério, Simone Lorena; Nogueira, Simone Mitri; Costa, Isabele Campos; Alves, Maria de Fátima Malizia
2009-12-01

Resumo em português A importância do chumbo atmosférico na contaminação global do ambiente tem recebido crescente atenção científica. A principal forma de monitorização da exposição é biológica, mas a ambiental tem um papel importante, já que o ambiente é a principal fonte de exposição ao chumbo. O estudo transversal busca identificar fontes de contaminação e potenciais fatores de risco da exposição em 64 crianças de zero a dezesseis anos de uma comunidade economicament (mais) e desfavorecida do Rio de Janeiro. Foram determinadas as concentrações de chumbo em solo, água, poeira e ar e calculados os fatores de risco neurológico e carcinogênico de inalação e ingestão. O sangue coletado foi utilizado para análise de Pb-S, ALA-D% e genotipagem da ALA-D. O fator de risco neurológico observado foi 549 vezes superior à dose de referência para poeira e 554 vezes superior no caso de ingestão. O fator de risco carcinogênico para ingestão foi de quatro vezes. A média de Pb-S foi 5,6μg/dL e 40% das crianças apresentaram valores de Pb-S acima do ponto de corte de 6μg/dL. A média de ALA-D% foi 40,3% e foi observada correlação entre Pb-S e ALA-D%. O genótipo ALAD1-2 foi identificado em 10% das crianças. Os resultados deste estudo permitirão o conhecimento da nossa realidade, subsidiando os órgãos de saúde pública e meio ambiente nas ações de controle e vigilância ambiental integrada Resumo em inglês The importance of atmospheric lead in environmental global contamination is receiving increasing scientific attention. The main exposure monitoring approach is biological, but the environmental one has a key role, since the environment is the major source of exposure. The study aimed to identify the contamination sources and potential risk factors of the exposure in a 64 subject group formed by 0-16 years-old children from an economically deprived community in Rio de Jane (mais) iro. Lead concentrations in soil, water, dust and air were determined and neurological and carcinogenic risk factors for ingestion and inhalation were calculated. Blood samples were collected and used in the analysis of Pb-B, ALA-D% and ALA-D genotyping. The observed neurological risk factor was 549 times higher than reference dose for dust and 554 times higher in the case of ingestion. The carcinogenic risk factor for ingestion was about 4 times. Mean Pb-B was 5.6μg/dL and 40% of the children presented Pb-B levels above the 6μg/dL cutoff value. Mean ALA-D% was 40.3% and a correlation between Pb-B and ALA-D% was observed. ALAD1-2 genotype was identified in 10% of the children. The results will allow the understanding of our reality, supporting public health and environment organizations to carry out control actions and all-encompassing environmental surveillance.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

21

Avaliação dos fatores de risco relacionados à exposição ao chumbo em crianças e adolescentes do Rio de Janeiro/ Evaluation of risk factors related to lead exposure in children and adolescents from Rio de Janeiro

Mattos, Rita de Cássia Oliveira da Costa; Carvalho, Márcia Aparecida Ribeiro de; Mainenti, Helena Ramirez Domingos; Xavier Junior, Ely Caetano; Sarcinelli, Paula de Novaes; Carvalho, Leandro Barreto Vargas de; Borges, Renato Marçullo; Quitério, Simone Lorena; Nogueira, Simone Mitri; Costa, Isabele Campos; Alves, Maria de Fátima Malizia
2009-12-01

Resumo em português A importância do chumbo atmosférico na contaminação global do ambiente tem recebido crescente atenção científica. A principal forma de monitorização da exposição é biológica, mas a ambiental tem um papel importante, já que o ambiente é a principal fonte de exposição ao chumbo. O estudo transversal busca identificar fontes de contaminação e potenciais fatores de risco da exposição em 64 crianças de zero a dezesseis anos de uma comunidade economicament (mais) e desfavorecida do Rio de Janeiro. Foram determinadas as concentrações de chumbo em solo, água, poeira e ar e calculados os fatores de risco neurológico e carcinogênico de inalação e ingestão. O sangue coletado foi utilizado para análise de Pb-S, ALA-D% e genotipagem da ALA-D. O fator de risco neurológico observado foi 549 vezes superior à dose de referência para poeira e 554 vezes superior no caso de ingestão. O fator de risco carcinogênico para ingestão foi de quatro vezes. A média de Pb-S foi 5,6μg/dL e 40% das crianças apresentaram valores de Pb-S acima do ponto de corte de 6μg/dL. A média de ALA-D% foi 40,3% e foi observada correlação entre Pb-S e ALA-D%. O genótipo ALAD1-2 foi identificado em 10% das crianças. Os resultados deste estudo permitirão o conhecimento da nossa realidade, subsidiando os órgãos de saúde pública e meio ambiente nas ações de controle e vigilância ambiental integrada Resumo em inglês The importance of atmospheric lead in environmental global contamination is receiving increasing scientific attention. The main exposure monitoring approach is biological, but the environmental one has a key role, since the environment is the major source of exposure. The study aimed to identify the contamination sources and potential risk factors of the exposure in a 64 subject group formed by 0-16 years-old children from an economically deprived community in Rio de Jane (mais) iro. Lead concentrations in soil, water, dust and air were determined and neurological and carcinogenic risk factors for ingestion and inhalation were calculated. Blood samples were collected and used in the analysis of Pb-B, ALA-D% and ALA-D genotyping. The observed neurological risk factor was 549 times higher than reference dose for dust and 554 times higher in the case of ingestion. The carcinogenic risk factor for ingestion was about 4 times. Mean Pb-B was 5.6μg/dL and 40% of the children presented Pb-B levels above the 6μg/dL cutoff value. Mean ALA-D% was 40.3% and a correlation between Pb-B and ALA-D% was observed. ALAD1-2 genotype was identified in 10% of the children. The results will allow the understanding of our reality, supporting public health and environment organizations to carry out control actions and all-encompassing environmental surveillance.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

22

Uso do chumbo em urina como indicador de exposição e sua relação com chumbo no sangue/ Use of urine lead level as an exposure indicator and its relationship to blood lead

Moreira, Maria de Fátima Ramos; Neves, Eduardo Borba
2008-09-01

Resumo em português O objetivo deste trabalho foi verificar se há correlação estatisticamente significativa entre as concentrações de chumbo no sangue (Pb-S) e urina (Pb-U). A espectrometria de absorção atômica eletrotérmica foi utilizada na determinação da concentração de chumbo no material biológico. As amostras de sangue e de urina foram coletadas entre trabalhadores expostos ocupacionalmente (95) e entre adultos (130) e crianças até 15 anos (22) expostos ambientalmente. A (mais) pós um teste que mostrou diferenças significativas entre Pb-U e as três categorias previamente determinadas, pontos de corte em Pb-U puderam ser fixados para a predição dos valores de Pb-S pela curva ROC. Assim, para Pb-U até 0,55 µg.dL-1, pode-se esperar que Pb-S seja menor do que 10 µg.dL-1, ao passo que níveis de chumbo no sangue até 27,6 µg.dL-1 são esperados quando o teor do metal na urina é menor do que 2,05 µg.dL-1. Logo, a urina pode ser utilizada em substituição ao sangue para avaliação da exposição ocupacional ao chumbo. Contudo, recomenda-se cautela no caso da exposição ambiental, devendo-se utilizar o chumbo urinário como uma estimativa do conteúdo do metal no sangue. Resumo em inglês The aim of this work was to verify whether there are statistically significant correlation between the concentrations of lead in blood (Pb-B) and urine (Pb-U). Electrothermal atomic absorption spectrometry was used in the determination of lead concentration in biological material. Venous blood and spot urine were collected from workers occupationally exposed (95), adults (130) and children up to 15 years old (22) environmentally exposed. After a test showing significant d (mais) ifferences between Pb-U and the three categories previously determined, cutting points for Pb-U were established to predict Pb-B values by the ROC curve. Thus, it is expected that Pb-B is lower than 10 µg.dL-¹ with Pb-U up to 0.55 µg. dL-¹, whereas lead levels in blood below 27.6 µg. dL-¹ are expected when the amount of the metal in urine is lower than 2.05 µg.dL-¹. So, urine can be used to replace blood for the assessment of the occupational exposure to lead. However, caution is advised in the case of environmental exposure, since urinary lead should be used just as an estimation of the metal content in blood.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

23

Uso do chumbo em urina como indicador de exposição e sua relação com chumbo no sangue/ Use of urine lead level as an exposure indicator and its relationship to blood lead

Moreira, Maria de Fátima Ramos; Neves, Eduardo Borba
2008-09-01

Resumo em português O objetivo deste trabalho foi verificar se há correlação estatisticamente significativa entre as concentrações de chumbo no sangue (Pb-S) e urina (Pb-U). A espectrometria de absorção atômica eletrotérmica foi utilizada na determinação da concentração de chumbo no material biológico. As amostras de sangue e de urina foram coletadas entre trabalhadores expostos ocupacionalmente (95) e entre adultos (130) e crianças até 15 anos (22) expostos ambientalmente. A (mais) pós um teste que mostrou diferenças significativas entre Pb-U e as três categorias previamente determinadas, pontos de corte em Pb-U puderam ser fixados para a predição dos valores de Pb-S pela curva ROC. Assim, para Pb-U até 0,55 µg.dL-1, pode-se esperar que Pb-S seja menor do que 10 µg.dL-1, ao passo que níveis de chumbo no sangue até 27,6 µg.dL-1 são esperados quando o teor do metal na urina é menor do que 2,05 µg.dL-1. Logo, a urina pode ser utilizada em substituição ao sangue para avaliação da exposição ocupacional ao chumbo. Contudo, recomenda-se cautela no caso da exposição ambiental, devendo-se utilizar o chumbo urinário como uma estimativa do conteúdo do metal no sangue. Resumo em inglês The aim of this work was to verify whether there are statistically significant correlation between the concentrations of lead in blood (Pb-B) and urine (Pb-U). Electrothermal atomic absorption spectrometry was used in the determination of lead concentration in biological material. Venous blood and spot urine were collected from workers occupationally exposed (95), adults (130) and children up to 15 years old (22) environmentally exposed. After a test showing significant d (mais) ifferences between Pb-U and the three categories previously determined, cutting points for Pb-U were established to predict Pb-B values by the ROC curve. Thus, it is expected that Pb-B is lower than 10 µg.dL-¹ with Pb-U up to 0.55 µg. dL-¹, whereas lead levels in blood below 27.6 µg. dL-¹ are expected when the amount of the metal in urine is lower than 2.05 µg.dL-¹. So, urine can be used to replace blood for the assessment of the occupational exposure to lead. However, caution is advised in the case of environmental exposure, since urinary lead should be used just as an estimation of the metal content in blood.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

24

A exposição ocupacional ao mercúrio metálico no módulo odontológico de uma unidade básica de saúde localizada na cidade de São Paulo/ Occupational exposure to metallic mercury in the dentist's office of a public primary health care clinic in the city of São Paulo

Glina, Débora M. R.; Satut, Blanca T. G.; Andrade, Esther M. O. A. C.
1997-04-01

Resumo em português Este artigo visa discutir a exposição ocupacional ao mercúrio metálico de dentistas e assistentes, enfocando a avaliação biológica, os efeitos na saúde e a avaliação ambiental. Os métodos utilizados foram visitas à unidade, avaliação ambiental, mapas de riscos, dosagens de mercúrio urinário e avaliação da saúde. Os resultados referentes ao ambiente e processos de trabalho mostraram: 1) as concentrações de vapor de mercúrio que impregnavam o revestime (mais) nto ou tubulações de encanamentos variaram entre 0,001 e 0,051 mg/m3 de ar; 2) exposição ocupacional, havendo 62,5% dos trabalhadores com dosagens de mercúrio urinário entre 10 e 49µg/l e 37,5% abaixo de 10 µg/l em 1994. Estes trabalhadores estiveram expostos desde 1992, sendo suas dosagens de mercúrio urinário de 1992 inferiores às atuais; 3) vazamento de mercúrio e amalgamação inadequada, em função de um amalgamador defeituoso; 4) a necessidade de usar um pedaço de camurça para obter um amalgama homogêneo e remover o excesso de mercúrio; 5) a existência de riscos combinados e simultâneos na situação de trabalho. Os resultados concernentes à saúde mostraram: 1) a prevalência de sintomas relativos ao Sistema Nervoso Central; 2)sinais do quadro neurológico e/ou do quadro psíquico, mas não do quadro gastrintestinal; 3) intoxicações crônicas de leves a moderadas em 62,5% dos trabalhadores. Resumo em inglês This paper discusses occupational exposure to metallic mercury among dentists and dental assistants, focusing on biological evaluation, effects on heaith, and environmental evaluation. Methods included visits to the clinic, hazard maps, urinary and environmental mercury measurements, and evaluation of health status. Results for the environment and work processes showed that mercury vapor concentrations impregnating surfaces and piping varied from 0.001 to 0.051 mg/m3 in a (mais) ir; occupational exposure with 62.5% of health workers having HgU ranging from 10 to 49 mg/l and 37.5% having HgU below 10 mg/l in 1994, while workers' previous measures (from 1992) were lower in every single case; an outflow of mercury and inadequate amalgamation due to a faulty amalgamator, the need for using a piece of chamois to obtain a homogeneous amalgam and remove excess mercury; the existence of combined hazards in the environment, and that all workers had been exposed since 1992. Results for workers' health showed a prevalence of symptoms from lesions to the central nervous system; central nervous system signs; and that mild-to-moderate chronic poisoning was found in 62.5% of workers.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

25

A exposição ocupacional ao mercúrio metálico no módulo odontológico de uma unidade básica de saúde localizada na cidade de São Paulo/ Occupational exposure to metallic mercury in the dentist's office of a public primary health care clinic in the city of São Paulo

Glina, Débora M. R.; Satut, Blanca T. G.; Andrade, Esther M. O. A. C.
1997-04-01

Resumo em português Este artigo visa discutir a exposição ocupacional ao mercúrio metálico de dentistas e assistentes, enfocando a avaliação biológica, os efeitos na saúde e a avaliação ambiental. Os métodos utilizados foram visitas à unidade, avaliação ambiental, mapas de riscos, dosagens de mercúrio urinário e avaliação da saúde. Os resultados referentes ao ambiente e processos de trabalho mostraram: 1) as concentrações de vapor de mercúrio que impregnavam o revestime (mais) nto ou tubulações de encanamentos variaram entre 0,001 e 0,051 mg/m3 de ar; 2) exposição ocupacional, havendo 62,5% dos trabalhadores com dosagens de mercúrio urinário entre 10 e 49µg/l e 37,5% abaixo de 10 µg/l em 1994. Estes trabalhadores estiveram expostos desde 1992, sendo suas dosagens de mercúrio urinário de 1992 inferiores às atuais; 3) vazamento de mercúrio e amalgamação inadequada, em função de um amalgamador defeituoso; 4) a necessidade de usar um pedaço de camurça para obter um amalgama homogêneo e remover o excesso de mercúrio; 5) a existência de riscos combinados e simultâneos na situação de trabalho. Os resultados concernentes à saúde mostraram: 1) a prevalência de sintomas relativos ao Sistema Nervoso Central; 2)sinais do quadro neurológico e/ou do quadro psíquico, mas não do quadro gastrintestinal; 3) intoxicações crônicas de leves a moderadas em 62,5% dos trabalhadores. Resumo em inglês This paper discusses occupational exposure to metallic mercury among dentists and dental assistants, focusing on biological evaluation, effects on heaith, and environmental evaluation. Methods included visits to the clinic, hazard maps, urinary and environmental mercury measurements, and evaluation of health status. Results for the environment and work processes showed that mercury vapor concentrations impregnating surfaces and piping varied from 0.001 to 0.051 mg/m3 in a (mais) ir; occupational exposure with 62.5% of health workers having HgU ranging from 10 to 49 mg/l and 37.5% having HgU below 10 mg/l in 1994, while workers' previous measures (from 1992) were lower in every single case; an outflow of mercury and inadequate amalgamation due to a faulty amalgamator, the need for using a piece of chamois to obtain a homogeneous amalgam and remove excess mercury; the existence of combined hazards in the environment, and that all workers had been exposed since 1992. Results for workers' health showed a prevalence of symptoms from lesions to the central nervous system; central nervous system signs; and that mild-to-moderate chronic poisoning was found in 62.5% of workers.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

26

Indicadores de sustentabilidade ambiental e de saúde na Amazônia Legal, Brasil/ Environmental sustainability and health indicators in the Legal Amazonia, Brazil

Freitas, Carlos Machado de; Giatti, Leandro Luiz
2009-06-01

Resumo em português Entre os desafios atuais para a Saúde Pública está o de estruturar sistemas de indicadores que permitam monitorar as condições e tendências da sustentabilidade ambiental e de saúde. Neste artigo procuramos enfrentar esse desafio tendo como foco de análise os estados integrantes da Macrorregião Amazônia Legal, que desde a segunda metade do século XX vem sofrendo intensos processos de mudanças sócio-econômicas, ambientais, de saúde e bem-estar. Para a reuniã (mais) o e análise do conjunto de indicadores adotamos o modelo Forças Motrizes, Pressão, Situação, Exposição, Efeito e Ação (FMPSEEA) proposto pela Organização Mundial da Saúde. Os resultados demonstram que, ao mesmo tempo em que as forças motrizes e pressões vêm contribuindo para o crescimento econômico e populacional, resultando em melhoras de indicadores tradicionais de saúde (redução da mortalidade infantil e aumento da expectativa de vida), são grandes as desigualdades sociais e econômicas e a sobreposição dos impactos na saúde da população, em um quadro bastante heterogêneo. Além disso, a situação ambiental também aponta para um modelo de desenvolvimento insustentável para as gerações presentes e futuras, exigindo respostas dos setores ambientais e de saúde à altura dos desafios colocados na atualidade. Resumo em inglês One of the challenges for public health is to build systems of indicators that allow monitoring current conditions and trends in environmental and health sustainability. This article focuses on the Legal Amazonia macro-region, which has undergone profound socioeconomic, environmental, and health changes since the mid-20th century. The conceptual framework adopted here was the model entitled Driving Forces, Pressures, State, Exposure, Effects, and Action (DPSEEA) proposed (mais) by the World Health Organization and adopted for environmental health surveillance by the Brazilian Ministry of Health. The results show that numerous motor forces and pressures have contributed to the growth of the economy and the population, as well as to improvements in some traditional health indicators (a reduction in infant mortality and an increase in life expectancy), alongside major social and economic inequalities and heterogeneity in environmental health impacts. This same process has been accompanied by environmental changes that indicate an unsustainable development model for present and future generations, demanding comprehensive action by public health and environmental institutions.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

27

Indicadores de sustentabilidade ambiental e de saúde na Amazônia Legal, Brasil/ Environmental sustainability and health indicators in the Legal Amazonia, Brazil

Freitas, Carlos Machado de; Giatti, Leandro Luiz
2009-06-01

Resumo em português Entre os desafios atuais para a Saúde Pública está o de estruturar sistemas de indicadores que permitam monitorar as condições e tendências da sustentabilidade ambiental e de saúde. Neste artigo procuramos enfrentar esse desafio tendo como foco de análise os estados integrantes da Macrorregião Amazônia Legal, que desde a segunda metade do século XX vem sofrendo intensos processos de mudanças sócio-econômicas, ambientais, de saúde e bem-estar. Para a reuniã (mais) o e análise do conjunto de indicadores adotamos o modelo Forças Motrizes, Pressão, Situação, Exposição, Efeito e Ação (FMPSEEA) proposto pela Organização Mundial da Saúde. Os resultados demonstram que, ao mesmo tempo em que as forças motrizes e pressões vêm contribuindo para o crescimento econômico e populacional, resultando em melhoras de indicadores tradicionais de saúde (redução da mortalidade infantil e aumento da expectativa de vida), são grandes as desigualdades sociais e econômicas e a sobreposição dos impactos na saúde da população, em um quadro bastante heterogêneo. Além disso, a situação ambiental também aponta para um modelo de desenvolvimento insustentável para as gerações presentes e futuras, exigindo respostas dos setores ambientais e de saúde à altura dos desafios colocados na atualidade. Resumo em inglês One of the challenges for public health is to build systems of indicators that allow monitoring current conditions and trends in environmental and health sustainability. This article focuses on the Legal Amazonia macro-region, which has undergone profound socioeconomic, environmental, and health changes since the mid-20th century. The conceptual framework adopted here was the model entitled Driving Forces, Pressures, State, Exposure, Effects, and Action (DPSEEA) proposed (mais) by the World Health Organization and adopted for environmental health surveillance by the Brazilian Ministry of Health. The results show that numerous motor forces and pressures have contributed to the growth of the economy and the population, as well as to improvements in some traditional health indicators (a reduction in infant mortality and an increase in life expectancy), alongside major social and economic inequalities and heterogeneity in environmental health impacts. This same process has been accompanied by environmental changes that indicate an unsustainable development model for present and future generations, demanding comprehensive action by public health and environmental institutions.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

28

O Princípio da Precaução no uso de indicadores de riscos químicos ambientais em saúde do trabalhador/ The Principle of Precaution in the use indicators of environmental chemical risks to occupational health

Augusto, Lia Giraldo da Silva; Freitas, Carlos Machado de
1998-01-01

Resumo em português Tendo como referência o Princípio da Precaução, o presente artigo faz uma abordagem crítica do uso isolado de indicadores biológicos e ambientais no monitoramento e vigilância em saúde frente ao risco de exposição ocupacional às substâncias químicas. Apontamos para a necessidade da abordagem interdisciplinar e participativa. Propomos uma reflexão na perspectiva da superação das tradicionais práticas em saúde do trabalhador, que subordinam o complexo ao s (mais) imples. Do ponto de vista do princípio precaucionário, os indicadores biológicos de exposição e efeito, bem como os de contaminação ambiental, só possuem valor quando integrados à globalidade do sistema em estudo, obrigando-nos a repensar as práticas científicas e sociais tradicionais de controle e prevenção de riscos de origem química. Resumo em inglês Taking the Principle of Precaution as a reference, this article reviews critically the intensive use of isolated biological and environmental indicators to assess chemical exposition. Vigilance and monitoring occupational chemical risk relies mainly on analytical laboratory techniques. The need to develop interdisciplinary and participative approaches is felt by the authors, who propose the surpass of traditional monitoring health practices, and it's trend to subordinate (mais) the complex to the simple. According to the Principle of Precaution, biological as well as environmental indicators of exposure can only achieve their true value when applied within a global view of the system under analysis. This demands a comprehensive change of perspective in our scientific and social practices of chemical risk's control and prevention.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

29

O Princípio da Precaução no uso de indicadores de riscos químicos ambientais em saúde do trabalhador/ The Principle of Precaution in the use indicators of environmental chemical risks to occupational health

Augusto, Lia Giraldo da Silva; Freitas, Carlos Machado de
1998-01-01

Resumo em português Tendo como referência o Princípio da Precaução, o presente artigo faz uma abordagem crítica do uso isolado de indicadores biológicos e ambientais no monitoramento e vigilância em saúde frente ao risco de exposição ocupacional às substâncias químicas. Apontamos para a necessidade da abordagem interdisciplinar e participativa. Propomos uma reflexão na perspectiva da superação das tradicionais práticas em saúde do trabalhador, que subordinam o complexo ao s (mais) imples. Do ponto de vista do princípio precaucionário, os indicadores biológicos de exposição e efeito, bem como os de contaminação ambiental, só possuem valor quando integrados à globalidade do sistema em estudo, obrigando-nos a repensar as práticas científicas e sociais tradicionais de controle e prevenção de riscos de origem química. Resumo em inglês Taking the Principle of Precaution as a reference, this article reviews critically the intensive use of isolated biological and environmental indicators to assess chemical exposition. Vigilance and monitoring occupational chemical risk relies mainly on analytical laboratory techniques. The need to develop interdisciplinary and participative approaches is felt by the authors, who propose the surpass of traditional monitoring health practices, and it's trend to subordinate (mais) the complex to the simple. According to the Principle of Precaution, biological as well as environmental indicators of exposure can only achieve their true value when applied within a global view of the system under analysis. This demands a comprehensive change of perspective in our scientific and social practices of chemical risk's control and prevention.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

30

Riscos químicos ambientais à saúde da criança/ Environmental chemical hazards and child health

Mello-da-Silva, Carlos Augusto; Fruchtengarten, Ligia
2005-11-01

Resumo em português OBJETIVO: Rever, na literatura médica recente, as informações disponíveis sobre os riscos da exposição de crianças a agentes químicos no meio ambiente. FONTES DOS DADOS: Foi realizada uma busca de artigos publicados sobre o tema na base de dados bibliográficos MEDLINE entre os anos de 1999 e 2005 e também em livros, manuais e recomendações publicados nos últimos anos por instituições como a Academia Americana de Pediatria e a Organização Mundial da Saúde (mais) , abordando saúde ambiental com foco na criança. SÍNTESE DE DADOS: Nos últimos anos, observa-se uma preocupação crescente em todo o mundo com os riscos relacionados à exposição de crianças a agentes químicos presentes no meio ambiente. Em torno de 85.000 produtos químicos sintéticos são produzidos nos dias de hoje, dos quais 2.800 são considerados de alto volume de produção. Sabe-se ainda muito pouco a respeito de seus efeitos sobre organismos em desenvolvimento. Crianças, por conta de suas características fisiológicas (maior demanda de água e alimentos) e hábitos (como engatinhar, levar objetos a boca, brincar próximo ao solo) estão particularmente expostas à contaminação por agentes químicos presentes em água, ar e solo. Agentes como metais pesados, pesticidas, poluentes orgânicos persistentes e contaminantes do ambiente doméstico, como a fumaça do tabaco, têm sido cada vez mais relacionados ao aumento da ocorrência de doenças como asma, distúrbios neurológicos e comportamentais e câncer infantil. CONCLUSÃO: Estimula-se a identificação de situações de risco utilizando instrumentos como a anamnese ou história ambiental, bem como o envolvimento dos pediatras na busca da redução da exposição de crianças e adolescentes a agentes químicos. Resumo em inglês OBJECTIVES:To review the recent medical literature on environmental chemical hazards to child health. SOURCES OF DATA: Articles published on this subject between 1999 and 2005 were searched in the MEDLINE database. Books, manuals and statements on child environmental health, issued by institutions such as the American Academy of Pediatrics and the World Health Organization, were also reviewed. SUMMARY OF THE FINDINGS: There has been a growing concern in the last few years (mais) with the exposure of children to environmental chemicals. Around 85,000 synthetic chemicals are produced today, and 2,800 of them are mass-produced. There is little knowledge regarding their effects on developing organisms. Children have a greater exposure to environmental pollutants than adults, because their metabolic needs and behaviors (e.g.: crawling, bringing objects to the mouth, playing closer to the ground) put them at special risk of contact with chemicals when they breathe, eat, drink or play. Heavy metals, pesticides, persistent organic pollutants and, at home, environmental tobacco smoke have been associated with the increasing number of diseases such as asthma, neurodevelopmental disorders and childhood cancer. CONCLUSION: Screening of risk situations using tools such as Environmental History has been stimulated alongside a greater commitment of pediatricians towards measures that can reduce the exposure of children and adolescents to environmental chemicals.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

31

Efeitos auditivos em operadores de empilhadeira/ Auditory effects in forklift operators

Lacerda, Adriana; Garofani, Vanessa Gregorczyk; Ribeiro, Leila; Marques, Jair Mendes
2010-12-01

Resumo em português OBJETIVO: Conhecer os efeitos, para a audição, da exposição combinada ao monóxido de carbono e ao ruído em um grupo de operadores de empilhadeira. MÉTODOS: Realizou-se audiometria convencional em grupo controle exposto apenas ao ruído (Grupo 1) e um grupo de funcionários expostos ao monóxido de carbono e ao ruído (Grupo 2). RESULTADOS: Observou-se um caso sugestivo de perda auditiva induzida por ruído para o grupo exposto somente ao ruído (Group 1), e cinco c (mais) asos para o grupo exposto ao monóxido de carbono e ruído (Group 2). A ocorrência de mudança significativa de limiar também foi maior no Grupo 2. Observaram-se diferenças nos limiares auditivos da orelha esquerda nas frequências de 1 kHz e 8 kHz no Grupo 2, comparativamente ao Grupo 1. CONCLUSÃO: Os resultados demonstraram efeitos auditivos significativos causados pela exposição combinada ao monóxido de carbono e ao ruído em operadores de empilhadeira, em comparação ao grupo exposto somente ao ruído. Conclui-se que é imprescindível a realização dos monitoramentos ambiental, biológico e auditivo nos operadores de empilhadeira, independentemente do nível de ruído ao qual se encontram expostos. Resumo em inglês PURPOSE: To get to know the effects of the combined exposure to carbon monoxide and noise on hearing, in a group of forklift operators. METHODS: A pure tone audiometry was carried out in a control group exposed only to noise (Group 1), and a group of employees exposed to both carbon monoxide and noise (Group 2). RESULTS: A single case of noise-induced hearing loss was observed in the group exposed to noise (Group 1), and five cases were observed in the group exposed to bo (mais) th carbon monoxide and noise (Group 2). The occurrence of significant threshold change was also higher in Group 2. There was a difference between the auditory thresholds in 1 and 8 kHz of the left ear in Group 2, when compared to Group 1. CONCLUSION: Results showed significant auditory effects caused by the combined exposure of forklift operators to carbon monoxide and noise, when compared to the group exposed only to noise. Thus, environmental, biological, and auditory monitoring of forklift operators is indispensable, regardless the level of noise to which they are exposed.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

32

Hábitos tabágicos dos pais de alunos do 1.º Ciclo do Ensino Básico: Implicações para a intervenção

Campos, Hugo; Precioso, José; Pereira, Maria Graça; Samorinha, Catarina
2008-04-01

Resumo em português A evidência de que a exposição ao Fumo Ambiental do Tabaco (FAT) é prejudicial para a saúde, em todas as fases da vida do ser humano, particularmente na infância, é consistente, robusta e consensual. Os principais responsáveis pela exposição das crianças ao fumo ambiental do tabaco no domicílio são os pais. Os objectivos deste artigo são: 1) Caracterizar os hábitos tabágicos dos pais/mães dos alunos; 2) Determinar a prevalência de pais/mães, que fumam n (mais) o domicílio; 3) Identificar alguns factores sócio-demográficos relacionados com o consumo de tabaco no domicílio; 4) Relacionar as opiniões dos pais/mães da amostra, relativamente ao tabagismo activo e passivo, com os hábitos tabágicos. O estudo realizou-se no final do ano lectivo de 2006/2007, consistindo na aplicação de um questionário anónimo de auto preenchimento a uma amostra constituída por um total de 515 pais (272 mães e 243 pais), de alunos com idades entre sete e dez anos. São elevadas as percentagens de pais fumadores que fumam em casa, pondo em risco a sua saúde e dos conviventes, especialmente a dos seus filhos. Este estudo mostra a necessidade de todos os que lidam com pais fumadores ajam, no sentido de proteger as crianças desta agressão. Resumo em inglês The evidence that exposure to Environmental Tobacco Smoke (ETS) is health damaging, in all stages of human life, particularly during childhood, is consistent, strong and has consensus. The main responsible for child exposure to environmental tobacco smoke at home are the parents. The goals of this paper are: 1) To determine the prevalence of the sample students’ fathers/mothers who smoke at home; 2) To identify some social-demographical factors related to tobacco consump (mais) tion by the students’ fathers/ mothers, at home; 3) To relate fathers/mothers’ opinion regarding active and passive smoking with their tobacco consumption. The study took place in the end of the 2006/ 2007 school year, consisting on the application of a self-filling anonymous questionnaire to a sample of 515 parents (272 mothers and 243 fathers), parents of students aged between seven and ten years old. The main conclusion that can be drawn from this study is that there is a high percentage of smoking parents who smoke at home, putting their health and the health of the ones who live with them at risk, especially their children. This study shows the need for everyone who deals with smoking parents (paediatricians, family doctors, teachers, etc.) to act accordingly to protect children from this aggression. Implications for action are discussed.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

33

Avaliação da exposição ocupacional ao chumbo: proposta de uma estratégia de monitoramento para prevenção dos efeitos clínicos e subclínicos/ Occupational lead exposure assessment: a proposal for a strategy to monitor prevention of clinical and subclinical effects

Araujo, Ulisses C.; Pivetta, Fatima R.; Moreira, Josino C.
1999-01-01

Resumo em português A produção de baterias chumbo-ácidas representa um dos segmentos industriais de maior consumo de chumbo, estando os trabalhadores expostos a riscos elevados. Neste trabalho são discutidos os resultados obtidos na avaliação da exposição ao chumbo de trabalhadores de uma fábrica de baterias da cidade do Rio de Janeiro, de acordo com as normas vigentes da legislação brasileira e com dados científicos atualizados. Os métodos empregados neste estudo foram a amostr (mais) agem de ar-pessoal e a determinação de chumbo em sangue ­ Pb-S). De acordo com a observação do processo de trabalho, das concentrações de chumbo no ar (todos acima de 0,1 mg/m³) e do grande percentual de trabalhadores contaminados (55% com Pb-S acima de 25 µg/dl), foi possível confirmar a ineficácia das práticas de controle usualmente adotadas. Isto permite a manuntenção de 46% dos trabalhadores, apresentando níveis de Pb-S na faixa de 25-60 µg/dl, nas áreas de maior risco. Dados científicos atuais mostram que nessa faixa de concentração já ocorrem alterações subclínicas importantes, que devem ser investigadas nos exames médicos. Propõe-se, finalmente, uma estratégia de monitoramento ambiental e biológica para prevenir, inclusive, os efeitos subclínicos. Resumo em inglês In developing countries, lead-acid battery factories are one of the heaviest consumers of lead. Due to lead's toxicological properties and prevalent working conditions in such factories, workers are subject to high exposure and health risk. This study discusses results obtained by lead exposure assessment of workers from a Rio de Janeiro battery factory, in light of Brazilian legislation and recent scientific data. Evaluation methods used were environmental (personal air (mais) sampling) and biological (determination of lead in blood, Pb-B) monitoring, showing a high personal exposure both in air (>0.1 mg/m³) and blood (55% of Pb-B >25µg/dl). These results confirmed the inefficiency of current control measures, with a possible 46% of workers presenting a Pb-B range of 25-60 µg/dl in risk areas. Recent data suggest that Pb-B levels above 25 µg/dl are related to subclinical alterations in human body that should be investigated during clinical examination. Finally, we propose a strategy based on environmental and biological monitoring to prevent both clinical and subclinical effects.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

34

Avaliação da exposição ocupacional ao chumbo: proposta de uma estratégia de monitoramento para prevenção dos efeitos clínicos e subclínicos/ Occupational lead exposure assessment: a proposal for a strategy to monitor prevention of clinical and subclinical effects

Araujo, Ulisses C.; Pivetta, Fatima R.; Moreira, Josino C.
1999-01-01

Resumo em português A produção de baterias chumbo-ácidas representa um dos segmentos industriais de maior consumo de chumbo, estando os trabalhadores expostos a riscos elevados. Neste trabalho são discutidos os resultados obtidos na avaliação da exposição ao chumbo de trabalhadores de uma fábrica de baterias da cidade do Rio de Janeiro, de acordo com as normas vigentes da legislação brasileira e com dados científicos atualizados. Os métodos empregados neste estudo foram a amostr (mais) agem de ar-pessoal e a determinação de chumbo em sangue ­ Pb-S). De acordo com a observação do processo de trabalho, das concentrações de chumbo no ar (todos acima de 0,1 mg/m³) e do grande percentual de trabalhadores contaminados (55% com Pb-S acima de 25 µg/dl), foi possível confirmar a ineficácia das práticas de controle usualmente adotadas. Isto permite a manuntenção de 46% dos trabalhadores, apresentando níveis de Pb-S na faixa de 25-60 µg/dl, nas áreas de maior risco. Dados científicos atuais mostram que nessa faixa de concentração já ocorrem alterações subclínicas importantes, que devem ser investigadas nos exames médicos. Propõe-se, finalmente, uma estratégia de monitoramento ambiental e biológica para prevenir, inclusive, os efeitos subclínicos. Resumo em inglês In developing countries, lead-acid battery factories are one of the heaviest consumers of lead. Due to lead's toxicological properties and prevalent working conditions in such factories, workers are subject to high exposure and health risk. This study discusses results obtained by lead exposure assessment of workers from a Rio de Janeiro battery factory, in light of Brazilian legislation and recent scientific data. Evaluation methods used were environmental (personal air (mais) sampling) and biological (determination of lead in blood, Pb-B) monitoring, showing a high personal exposure both in air (>0.1 mg/m³) and blood (55% of Pb-B >25µg/dl). These results confirmed the inefficiency of current control measures, with a possible 46% of workers presenting a Pb-B range of 25-60 µg/dl in risk areas. Recent data suggest that Pb-B levels above 25 µg/dl are related to subclinical alterations in human body that should be investigated during clinical examination. Finally, we propose a strategy based on environmental and biological monitoring to prevent both clinical and subclinical effects.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

35

História ocupacional/ Work history

Bagatin, Ericson; Kitamura, Satoshi
2006-05-01

Resumo em português Da mesma forma que uma boa anamnese é fundamental para o diagnóstico em geral, a história de exposição ambiental e ocupacional é informação basilar para o entendimento das doenças respiratórias ocupacionais. Estima-se que até 20% das doenças intersticiais e das vias aéreas são decorrentes dessas exposições. Por outro lado, raramente encontramos na anamnese informações sobre eventuais exposições ambientais ou sobre o trabalho/ocupação/função dos nos (mais) sos pacientes. Assim, esse tema torna-se imprescindível à discussão entre os profissionais de saúde envolvidos nesse campo da atuação médica, se realmente almejamos avaliar a estimativa da magnitude desse problema em nosso meio. Resumo em inglês Just as a complete patient history is fundamental to making any diagnosis, the history of environmental exposure in the workplace forms the informational base needed in order to understand occupational respiratory diseases. It is estimated that 20% of all cases of interstitial or airway disease are related to such exposure. However, information regarding potential environmental exposure is rarely included in the patient history, nor is job/occupation/function taken into c (mais) onsideration. Therefore, this theme has become pivotal to the discussion among health care professionals working in this area, who must decide whether evaluating and estimating the magnitude of this problem are truly desirable goals.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

36

Sistema de avaliação para classificar áreas de disposição de resíduos sólidos urbanos visando a remediação e a pós-ocupação/ Evaluation system for rating urban solid waste disposal sites for remediation and post occupation

Schueler, Adriana Soares de; Mahler, Cláudio Fernando
2008-09-01

Resumo em português A disposição de resíduos sólidos urbanos em locais sem infra-estrutura de proteção ambiental pode ser responsável pela contaminação de recursos naturais e de seres humanos e animais por meio da emissão de efluentes líquidos e gasosos. A metodologia proposta visa contribuir com a avaliação do risco de exposição ao lixiviado, bem como sugerir procedimentos de monitoramento da área, de acordo com diferentes níveis de cuidado e urgência. O método baseia-se (mais) em quatro matrizes onde é possível ser feita uma avaliação inicial da fonte do risco, do sujeito potencialmente atingido, e dos caminhos ambientais superficiais e subterrâneos. Neste trabalho foi considerada, essencialmente, a contaminação causada por efluentes líquidos. Resumo em inglês Disposal of urban solid waste in sites without infrastructure for environmental protection may be responsible for contamination of natural resources and human beings by gas and liquid effluent emission. The proposed methodology aims to contribute in the evaluation of risk to the exposure to leachate as well as suggested procedures for site monitoring, according to different levels of care and urgency. The method is based on four matrices where it is possible to make an in (mais) itial evaluation of the source of the risk, the potential target and the superficial and underground environmental paths. In this paper only the contamination caused by liquid effluents were considered.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

37

Prevalência e fatores associados ao tabagismo em escolares da Região Sul do Brasil/ Prevalence and risk factors associated with smoking among school children, Southern Brazil/ Prevalencia y factores asociados al tabaquismo en escolares, Sur de Brasil

Hallal, Ana Luiza Curi; Gotlieb, Sabina Léa Davidson; Almeida, Liz Maria de; Casado, Letícia
2009-10-01

Resumo em português OBJETIVO: Estimar a prevalência do tabagismo em estudantes e os fatores associados. MÉTODOS: Foram utilizados dados secundários, provenientes do inquérito Vigescola realizado em Curitiba (PR), Florianópolis (SC) e Porto Alegre (RS) em 2002 e 2004. A amostra compreendeu 3.690 escolares de 13 a 15 anos, cursando as sétima e oitava séries do ensino fundamental e primeira do ensino médio, em escolas públicas e privadas. Para a análise dos resultados foram estimadas (mais) proporções ponderadas, odds ratio (OR), e utilizada a técnica de regressão logística múltipla. RESULTADOS: As taxas de prevalência de tabagismo corresponderam a 10,7% (IC 95%: 10,2;11,3) em Florianópolis, 12,6% (IC 95%: 12,4;12,9) em Curitiba e 17,7% (IC 95%: 17,4;18,0) em Porto Alegre. Os fatores associados ao tabagismo em escolares em Curitiba foram: sexo feminino (OR=1,49), pai fumante (OR=1,59), amigos fumantes (OR=3,46), exposição à fumaça do tabaco fora de casa (OR=3,26) e possuir algum objeto com logotipo de marca de cigarro (OR=3,29). Em Florianópolis, as variáveis associadas ao tabagismo foram escolares do sexo feminino (OR=1,26), ter amigos fumantes (OR=9,31), exposição à fumaça do tabaco em casa (OR=2,03) e fora de casa (OR=1,45) e ter visto propaganda em cartazes (OR=1,82). Em Porto Alegre, as variáveis que estiveram associadas com o uso de tabaco pelos escolares foram sexo feminino (OR=1,57), idade entre 14 anos (OR=1,77) e 15 anos (OR=2,89), amigos fumantes (OR=9,12), exposição à fumaça do tabaco em casa (OR=1,87) e fora de casa (OR=1,77) e possuir algo com logotipo de marca de cigarro (OR=2,83). CONCLUSÕES: Há elevada prevalência de tabagismo entre escolares de 13 a 15 anos, cujos fatores significativamente associados comuns às três capitais são: ter amigos fumantes e estar exposto à fumaça ambiental fora de casa. Resumo em espanhol OBJETIVO: Estimar la prevalencia del tabaquismo en estudiantes y los factores asociados. MÉTODOS: Fueron utilizados datos secundarios, provenientes de pesquisa Vigescola realizada en las ciudades de Curitiba, Florianópolis y Porto Alegre, Sur de Brasil, en 2002 y 2004. La muestra comprendió 3.690 escolares de 13 a 15 años, cursando las séptima y octava series de enseñanza fundamental y primera de enseñanza media, en escuelas públicas y privadas. Para el análisis (mais) de los resultados fueron estimadas proporciones ponderadas, odds ratio (OR), y utilizada la técnica de regresión logística múltiple. RESULTADOS: Las tasas de prevalencia de tabaquismo correspondieron a 10,7% (IC 95%: 10,2;11,3) en Florianópolis, 12,6% (IC 95%: 12,4;12,9) en Curitiba y 17,7% (IC 95%: 17,4;18,0) en Porto Alegre. Los factores asociados al tabaquismo en escolares en Curitiba fueron: sexo femenino (OR=1,49), padre fumador (OR=1,59), amigos fumadores (OR=3,46), exposición al humo de tabaco fuera de casa (OR=3,26) y poseer algún objeto con logotipo de marca de cigarro (OR=3,29). En Florianópolis, las variables asociadas al tabaquismo fueron escolares del sexo femenino (OR=1,26), tener amigos fumadores (OR=9,31), exposición al humo de tabaco en casa (OR=2,03) y fuera de casa (OR=1,45) y haber visto propaganda en afiches (OR=1,82). En Puerto Alegre, las variables que estuvieron asociadas con el uso de tabaco por los escolares fueron sexo femenino (OR=1,57), edad entre 14 años (OR=1,77) y 15 años (OR=2,89), amigos fumadores (OR=9,12), exposición al humo de tabaco en casa (OR=1,87) y fuera de casa (OR=1,77) y poseer algo con logotipo de marca de cigarro (OR =2,83). CONCLUSIONES: Hay elevada prevalencia de tabaquismo entre escolares de 13 a 15 años, cuyos factores significativamente asociados comunes a las tres capitales son: tener amigos fumadores y estar expuesto al humo ambiental fuera de casa. Resumo em inglês OBJECTIVE: To estimate the prevalence of smoking among students and associated factors. METHODS: Secondary data from the Vigescola Survey, conducted in the cities of Curitiba, Florianópolis and Porto Alegre (Southern Brazil) between 2002 and 2004, were used. Sample comprised 3,690 school children, aged between 13 and 15 years, and enrolled in the 7th and 8th grades of primary school and 1st grade of high school, in public and private schools. Weighted proportions and odd (mais) s ratio (OR) were estimated and multiple logistic regression was used to analyze results. RESULTS: Smoking prevalence rates were 10.7% (95% CI: 10.2;11.3) in Florianópolis, 12.6% (95% CI: 12.4;12.9) in Curitiba and 17.7% (95% CI: 17.4;18.0) in Porto Alegre. Risk factors associated with smoking among schoolchildren in Curitiba were: female sex (OR=1.49), smoking father (OR=1.59), smoking friends (OR=3.46), exposure to secondhand tobacco smoke outside the home (OR=3.26), and having some object with cigarette brand logos (OR=3.29). In Florianópolis, variables associated with smoking were: female schoolchildren (OR=1.26), having smoking friends (OR=9.31), exposure to secondhand tobacco smoke at home (OR=2.03) and outside the home (OR=1.45) and having seen advertisements on posters (OR=1.82). In Porto Alegre, variables associated with tobacco use among school children were: female sex (OR=1.57), aged between 14 years (OR=1.77) and 15 years (OR=2.89), smoking friends (OR=9.12), exposure to secondhand tobacco smoke at home (OR=1.87) and outside the home (OR=1.77) and having some object with cigarette brand logos (OR=2.83). CONCLUSIONS: Smoking prevalence among school children aged between 13 and 15 years is high. Factors significantly associated with it and common to the three capitals were as follows: having smoking friends and being exposed to environmental smoke outside the home.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

38

Prevalência e fatores associados ao tabagismo em escolares da Região Sul do Brasil/ Prevalence and risk factors associated with smoking among school children, Southern Brazil/ Prevalencia y factores asociados al tabaquismo en escolares, Sur de Brasil

Hallal, Ana Luiza Curi; Gotlieb, Sabina Léa Davidson; Almeida, Liz Maria de; Casado, Letícia
2009-10-01

Resumo em português OBJETIVO: Estimar a prevalência do tabagismo em estudantes e os fatores associados. MÉTODOS: Foram utilizados dados secundários, provenientes do inquérito Vigescola realizado em Curitiba (PR), Florianópolis (SC) e Porto Alegre (RS) em 2002 e 2004. A amostra compreendeu 3.690 escolares de 13 a 15 anos, cursando as sétima e oitava séries do ensino fundamental e primeira do ensino médio, em escolas públicas e privadas. Para a análise dos resultados foram estimadas (mais) proporções ponderadas, odds ratio (OR), e utilizada a técnica de regressão logística múltipla. RESULTADOS: As taxas de prevalência de tabagismo corresponderam a 10,7% (IC 95%: 10,2;11,3) em Florianópolis, 12,6% (IC 95%: 12,4;12,9) em Curitiba e 17,7% (IC 95%: 17,4;18,0) em Porto Alegre. Os fatores associados ao tabagismo em escolares em Curitiba foram: sexo feminino (OR=1,49), pai fumante (OR=1,59), amigos fumantes (OR=3,46), exposição à fumaça do tabaco fora de casa (OR=3,26) e possuir algum objeto com logotipo de marca de cigarro (OR=3,29). Em Florianópolis, as variáveis associadas ao tabagismo foram escolares do sexo feminino (OR=1,26), ter amigos fumantes (OR=9,31), exposição à fumaça do tabaco em casa (OR=2,03) e fora de casa (OR=1,45) e ter visto propaganda em cartazes (OR=1,82). Em Porto Alegre, as variáveis que estiveram associadas com o uso de tabaco pelos escolares foram sexo feminino (OR=1,57), idade entre 14 anos (OR=1,77) e 15 anos (OR=2,89), amigos fumantes (OR=9,12), exposição à fumaça do tabaco em casa (OR=1,87) e fora de casa (OR=1,77) e possuir algo com logotipo de marca de cigarro (OR=2,83). CONCLUSÕES: Há elevada prevalência de tabagismo entre escolares de 13 a 15 anos, cujos fatores significativamente associados comuns às três capitais são: ter amigos fumantes e estar exposto à fumaça ambiental fora de casa. Resumo em espanhol OBJETIVO: Estimar la prevalencia del tabaquismo en estudiantes y los factores asociados. MÉTODOS: Fueron utilizados datos secundarios, provenientes de pesquisa Vigescola realizada en las ciudades de Curitiba, Florianópolis y Porto Alegre, Sur de Brasil, en 2002 y 2004. La muestra comprendió 3.690 escolares de 13 a 15 años, cursando las séptima y octava series de enseñanza fundamental y primera de enseñanza media, en escuelas públicas y privadas. Para el análisis (mais) de los resultados fueron estimadas proporciones ponderadas, odds ratio (OR), y utilizada la técnica de regresión logística múltiple. RESULTADOS: Las tasas de prevalencia de tabaquismo correspondieron a 10,7% (IC 95%: 10,2;11,3) en Florianópolis, 12,6% (IC 95%: 12,4;12,9) en Curitiba y 17,7% (IC 95%: 17,4;18,0) en Porto Alegre. Los factores asociados al tabaquismo en escolares en Curitiba fueron: sexo femenino (OR=1,49), padre fumador (OR=1,59), amigos fumadores (OR=3,46), exposición al humo de tabaco fuera de casa (OR=3,26) y poseer algún objeto con logotipo de marca de cigarro (OR=3,29). En Florianópolis, las variables asociadas al tabaquismo fueron escolares del sexo femenino (OR=1,26), tener amigos fumadores (OR=9,31), exposición al humo de tabaco en casa (OR=2,03) y fuera de casa (OR=1,45) y haber visto propaganda en afiches (OR=1,82). En Puerto Alegre, las variables que estuvieron asociadas con el uso de tabaco por los escolares fueron sexo femenino (OR=1,57), edad entre 14 años (OR=1,77) y 15 años (OR=2,89), amigos fumadores (OR=9,12), exposición al humo de tabaco en casa (OR=1,87) y fuera de casa (OR=1,77) y poseer algo con logotipo de marca de cigarro (OR =2,83). CONCLUSIONES: Hay elevada prevalencia de tabaquismo entre escolares de 13 a 15 años, cuyos factores significativamente asociados comunes a las tres capitales son: tener amigos fumadores y estar expuesto al humo ambiental fuera de casa. Resumo em inglês OBJECTIVE: To estimate the prevalence of smoking among students and associated factors. METHODS: Secondary data from the Vigescola Survey, conducted in the cities of Curitiba, Florianópolis and Porto Alegre (Southern Brazil) between 2002 and 2004, were used. Sample comprised 3,690 school children, aged between 13 and 15 years, and enrolled in the 7th and 8th grades of primary school and 1st grade of high school, in public and private schools. Weighted proportions and odd (mais) s ratio (OR) were estimated and multiple logistic regression was used to analyze results. RESULTS: Smoking prevalence rates were 10.7% (95% CI: 10.2;11.3) in Florianópolis, 12.6% (95% CI: 12.4;12.9) in Curitiba and 17.7% (95% CI: 17.4;18.0) in Porto Alegre. Risk factors associated with smoking among schoolchildren in Curitiba were: female sex (OR=1.49), smoking father (OR=1.59), smoking friends (OR=3.46), exposure to secondhand tobacco smoke outside the home (OR=3.26), and having some object with cigarette brand logos (OR=3.29). In Florianópolis, variables associated with smoking were: female schoolchildren (OR=1.26), having smoking friends (OR=9.31), exposure to secondhand tobacco smoke at home (OR=2.03) and outside the home (OR=1.45) and having seen advertisements on posters (OR=1.82). In Porto Alegre, variables associated with tobacco use among school children were: female sex (OR=1.57), aged between 14 years (OR=1.77) and 15 years (OR=2.89), smoking friends (OR=9.12), exposure to secondhand tobacco smoke at home (OR=1.87) and outside the home (OR=1.77) and having some object with cigarette brand logos (OR=2.83). CONCLUSIONS: Smoking prevalence among school children aged between 13 and 15 years is high. Factors significantly associated with it and common to the three capitals were as follows: having smoking friends and being exposed to environmental smoke outside the home.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

39

Impactos ambientais da mineração no Estado de São Paulo

Mechi, Andréa; Sanches, Djalma Luiz
2010-01-01

Resumo em português De modo geral, a mineração causa impacto significativo ao meio ambiente, pois quase sempre o desenvolvimento dessa atividade implica supressão de vegetação, exposição do solo aos processos erosivos com alterações na quantidade e qualidade dos recursos hídricos superficiais e subterrâneos, além de causar poluição do ar, entre outros aspectos negativos. A prevenção e a mitigação desses impactos no Estado de São Paulo se fazem por meio do licenciamento amb (mais) iental. Outra forma de gestão ambiental do Estado refere-se aos programas que visam à definição de zoneamentos ambientais minerários e elaboração de planos diretores regionais de mineração. Há, porém, evidente dissociação entre as ações praticadas e aquelas preconizadas nos projetos, restringindo a recuperação da área degradada a medidas que apenas atenuam o impacto visual. Este artigo apresenta considerações sobre o tema e o desafio de o setor se adequar à Constituição Federal e à Política Nacional de Meio Ambiente. Resumo em inglês Generally, mining causes significant impact over the environment, since this activity often involves suppression of vegetation, soil exposure and erosion resulting in important changes in the quantity and quality of surface and ground-waters and in air pollution, among other negative effects. The prevention and mitigation of these impacts in the State of Sao Paulo are made through the environmental licensing. Another way of environmental management includes programs like (mais) mining and environmental zoning and regional mining director plans. But there is clear dissociation between the actions effectively taken and those recommended in the projects, limiting the recovery of degraded areas to measures that only attenuate the visual impact. This paper presents considerations on the subject and challenges of the industry to adapt to the Federal Constitution and the National Policy on Environment.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

40

Risco ocupacional em unidades de Suporte Básico e Avançado de Vida em Emergências/ Occupational risk in Basic and Advanced Emergency Life Support Units/ Riesgo laboral en las Unidades de Soporte Básico y Avanzado de Vida en Emergencia

Zapparoli, Amanda dos Santos; Marziale, Maria Helena Palucci
2006-02-01

Resumo em português O estudo objetivou identificar os fatores de risco ocupacional a que estão expostos os profissionais da equipe das Unidades de Suporte Básico e Avançado de Vida em Emergências. Utilizou-se a técnica de entrevista semi-estruturada para coleta dos dados. Constituíram-se sujeitos do estudo 40 trabalhadores de duas equipes do Sistema de Atendimento Médico a Urgência de uma cidade do interior do Estado de São Paulo. Os fatores de risco identificados pela maioria dos t (mais) rabalhadores foram: físicos (elevados níveis de temperatura e ruído ambiental); químicos (manipulação de substâncias químicas); biológicos (exposição a microorganismos e falta de materiais disponíveis). Os riscos peculiares à atividade foram: risco de ocorrência de acidentes automobilísticos (90% dos trabalhadores), agressões física e moral (90% dos trabalhadores) e acidentes com material pérfuro-cortante (72,5% dos trabalhadores). A violência foi descrita por 75 % dos trabalhadores como fator de risco mais preocupante no trabalho. A maioria dos trabalhadores identificou os riscos ocupacionais. No entanto, a minoria utiliza medidas adequadas de segurança, revelando a necessidade de intervenções. Resumo em espanhol Este estudio se realizó con el objetivo de identificar los factores de riesgo laboral a los que están expuestos los profesionales del equipo de las Unidades de Soporte Básico y Avanzado de Vida en Emergencias. Se utilizó la entrevista semiestructurada. Los sujetos de estudio fueron 40 trabajadores componentes de dos equipos del Sistema de Atención Médica de Urgencia de una ciudad del interior de São Paulo-Brasil. Los factores de riesgo identificados por la mayoría (mais) de los trabajadores fueron: físicos (elevados niveles de temperatura y ruido ambiental); químicos (manipulación de substancias químicas); biológicos (exposición a microorganismos y falta de materiales disponibles). Los riesgos peculiares a la actividad fueron: riesgo de ocurrencia de accidentes automovilísticos (90% de los trabajadores), agresiones física y moral (90% de los trabajadores) y accidentes con material punzante o cortante (72,5% de los trabajadores). 75% de los trabajadores describieron la violencia como factor de riesgo más preocupante en el trabajo efectuado. La mayoría de los trabajadores identificó los riesgos laborales. Sin embargo, una minoría de los trabajadores utiliza medidas adecuadas de seguridad, manifestando la necesidad de intervenciones. Resumo em inglês This study aimed to identify occupational risk factors the professionals of Basic and Advanced Emergency Life Support are exposed. Semi-structured interview was used. The study subjects were 40 workers who are part of two Emergency Healthcare System teams in a city of São Paulo State-Brazil. Most workers identified the following risk factors: physical (high temperature and environmental noise levels); chemical (manipulating chemical substances); biological (exposure to m (mais) icroorganisms and lack of material available). Typical risks of emergency activities were: risk of car accidents (90% of the workers), physical and moral aggression (90% of the workers) and accidents with piercing and cutting material (72,5% of the workers). 75% of the workers described violence as the most worrying risk factor at work. Most of the workers identified the occupational risks. However only a minority of them uses adequate safety measures, which reveals the need for interventions.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

41

Caracterização física e mecânica de argamassas à base de cimento Portland e cinza de casca de arroz residual/ Physical and mechanical characterization on Portland cement mortar with rice husk ash addition

Rodrigues, Michelle S; Beraldo, Antonio L
2010-04-01

Resumo em português A casca de arroz, utilizada como fonte de energia em indústrias de beneficiamento de arroz, converte-se, depois da queima, em uma cinza residual. Esse resíduo, ainda sem um destino adequado, é muitas vezes depositado em grandes áreas abertas e provoca elevado impacto ambiental. Este trabalho teve como objetivo avaliar a viabilidade de utilização da cinza de casca de arroz (CCA) residual na produção de argamassas, como substituta parcial do cimento. A caracterizaç (mais) ão da CCA foi realizada por meio da análise de fluorescência de raios-X (composição química), análise do teor de carbono e difração de raios-X; também foi realizada análise granulométrica a laser. Os corpos de prova foram submetidos a dois tipos de exposição: ambientes externo e interno, com duração máxima de cinco meses. Foram realizados os ensaios de resistência à compressão simples e não destrutivo (velocidade do pulso ultrassônico - VPU). Embora as argamassas tenham apresentado bom desempenho mecânico, os ensaios de pozolanicidade indicaram que a cinza de casca de arroz residual utilizada não é uma pozolana, mas pode ser utilizada em matrizes cimentícias como material inerte (filler). Resumo em inglês Rice husk, employed as an energy source at milling industries in Brazil generates, after burning, a dark ash. This residue is not yet conveniently disposed, being currently dumped on large areas, causing environmental problems. This research intended to evaluate the applications of residual rice husk ashes (RHA) as a partial replacement of cement for mortar production. Rice husk ash was chemically characterized through X-ray fluorescence, determination of carbon content, (mais) X-ray diffraction, and laser granulometric analysis. Mortar specimens were submitted to two different exposure conditions: internal and external environments at a maximum period of five months. Physical-mechanical testing were compressive strength and ultrasonic pulse velocity (UPV). Although presenting good mechanical performance, the mortar based on ash (RHA) did not present pozolanicity but it can be employed in cement matrices as inert material (filler).

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

42

A importância da organização dos ambientes para a saúde humana/ The importance of the environments' organization for the human health

Kuhnen, Ariane; Felippe, Maíra Longhinotti; Luft, Caroline Di Bernardi; Faria, Jeovane Gomes de
2010-12-01

Resumo em português A interação do ser humano com seus diversos ambientes vem sendo investigada pela psicologia ambiental, que estuda a influência mútua de fatores ambientais e comportamentais. Este artigo concentra-se na importante e conhecida relação entre a qualidade dos ambientes e a saúde humana. Trata-se de estudo teórico relativo a três temáticas: desenvolvimento de apropriação e apego em ambientes construídos; influência dos fenômenos territorialidade/privacidade na at (mais) enção à saúde mental, e aspectos psicofisiológicos da interação pessoa-ambiente virtual. Importantes indicadores relacionaram a redução das opções de apropriação dos ambientes ao adoecimento. Igualmente, identificou-se que a atenção integral à saúde requer um olhar específico sobre as particularidades das relações humano-ambientais aí estabelecidas. Por fim, face à crescente exposição aos ambientes virtuais, viu-se a necessidade de maior compreensão da psicofisiologia própria dessas interações. Procurando ampliar o conhecimento dos fenômenos psicológicos nas interações humano-ambientais, este artigo oportuniza um panorama de contribuições teóricas diversas na literatura científica recente. Resumo em inglês Human interaction with their environments has been investigated by environmental psychology, which studies the mutual influence of environmental and behavioral factors. This article focuses on important relationship between the quality of environments and human health. It's a theoretical study about three themes: development of ownership and attachment in built environments; influence of the phenomena territoriality/privacy in the care of mental health, and psychophysiolo (mais) gy aspects of the person-virtual environment interaction. Important indicators related the reduction of the options of ownership of environments to illness. Also, it was identified that health care requires a specific look on the particularities of human-environmental relationships established. Finally, given the increasing exposure to virtual environments, it was realized the need for greater understanding of the psychophysiology of these interactions. Looking for expanding the knowledge of the psychological phenomena in human-environmental interactions, this article provides an overview of theoretical contributions in several recent scientific literature.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

43

Modelo de organização de indicadores para operacionalização dos determinantes socioambientais da saúde/ Model of organization of indicators for operationalizing the social-environmental determinants of health

Sobral, André; Freitas, Carlos Machado de
2010-03-01

Resumo em português O tema dos determinantes sociais e suas relações com o processo saúde-doença entre diferentes grupos populacionais é de grande relevância para a Saúde Pública e vêm ganhando cada vez mais destaque. Nesse processo, modelos teórico-conceituais vêm sendo adotados para explicar como os determinantes sociais geram iniquidades em saúde, de modo a subsidiar ações voltadas para as "causas das causas" e indicadores relacionados aos diferentes determinantes vêm sendo (mais) organizados por meio de metodologias que possibilitem análises integradas. Apesar desses avanços, os problemas ambientais que hoje se constituem em importantes elementos indutores da geração de doenças por meio da degradação dos ecossistemas e das mudanças climáticas têm sido pouco considerados como determinantes ambientais da saúde em conjunto com os sociais. Este artigo tem o objetivo de ampliar as discussões teóricas sobre os determinantes socioambientais da saúde, apresentando, para isso, uma metodologia de organização de indicadores de saúde ambiental denominada Força Motriz-Pressão-Situação-Exposição-Efeito-Ação, a fim de operacionalizar os determinantes sociais da saúde. Resumo em inglês The theme of social determinants and their relationship to the health-disease process in different population groups is highly relevant to public health and has been attracting increasing attention. In this process, theoretical-conceptual models have been adopted to explain how social determinants generate inequalities in health. Such models aim at supporting measures focusing on 'causes of the causes', while indicators related to different determinants have been organize (mais) d by means of methodologies that allow integrated analyses. Despite such progress, environmental problems that currently constitute important disease-generating factors through ecosystem degradation and climate changes have received little attention as environmental determinants of health, jointly with social determinants. This paper aims to expand the theoretical discussions on the socio-environmental determinants of health by presenting a methodology for the organization of environmental health indicators called Driving Forces-Pressures-State-Exposure-Effects-Action (DPSEEA), with the objective of operationalizing the social determinants of health.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

44

Saúde e segurança alimentar: a questão dos agrotóxicos/ Health and food safety: the pesticides issue

Stoppelli, Illona Maria de Brito Sá; Magalhães, Cláudio Picanço
2005-12-01

Resumo em português A agricultura moderna apresentou, além de novas técnicas, equipamentos e elevação do número de pesquisas agronômicas, uma diversidade de insumos, como agrotóxicos e fertilizantes. Trouxe também mudanças nas cargas, modos de trabalho e riscos incorporados às novas atividades, que mais tarde passaram a se refletir na saúde, especialmente do trabalhador rural. A Organização Mundial da Saúde acredita que, anualmente, entre 3 e 5 milhões de pessoas sejam intoxic (mais) adas por agrotóxicos no mundo e resíduos destes produtos nos alimentos continuam a preocupar consumidores que carecem de informações. Este ensaio buscou reaver maiores informações sobre o tema na literatura existente, de forma a incentivar que o mesmo seja debatido por diferentes atores sociais, assim como mostrar a experiência brasileira na busca da segurança alimentar, no setor da vigilância à saúde. Foram levantadas pesquisas realizadas no país e no exterior que relatam situações de exposição ocupacional, problemas ligados à saúde humana e ambiental e dados referentes a análises de alimentos. São sugeridas diversas ações para minimizar os efeitos dos agrotóxicos, como uma maior fiscalização na comercialização e uso destes produtos químicos, simplificação dos rótulos nas embalagens e maior adequação dos equipamentos de proteção. Espera-se que o exposto possa colaborar com ações preventivas. Resumo em inglês The modern agriculture introduced besides new techniques, equipments and a higher number of agronomical researches, a diversity of new products, as pesticides and fertilizers. It also brought up changes in labor hours and working conditions, as well as risks linked to the new activities, that later reflected in health, especially for rural workers. World Health Organization believes that per year between 3 and 5 millions of people are intoxicated world wide and pesticide (mais) residue in food continues to preoccupy consumers that need more information about this theme. This article aims on gathering information about the theme and to support discussion among different social actors, also showing the Brazilian experience in health surveillance in its pathway to reach food security. Researches in Brazil and elsewhere were raised reporting occupational exposure and problems related to human and environmental health and data related to food analyses. Actions are suggested to minimize pesticide effect, for example the improvement on fiscalization over sales and use of these chemical products, changes in labels and safety equipments. The authors expect that the article may collaborate to preventive actions.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

45

Saúde e segurança alimentar: a questão dos agrotóxicos/ Health and food safety: the pesticides issue

Stoppelli, Illona Maria de Brito Sá; Magalhães, Cláudio Picanço
2005-12-01

Resumo em português A agricultura moderna apresentou, além de novas técnicas, equipamentos e elevação do número de pesquisas agronômicas, uma diversidade de insumos, como agrotóxicos e fertilizantes. Trouxe também mudanças nas cargas, modos de trabalho e riscos incorporados às novas atividades, que mais tarde passaram a se refletir na saúde, especialmente do trabalhador rural. A Organização Mundial da Saúde acredita que, anualmente, entre 3 e 5 milhões de pessoas sejam intoxic (mais) adas por agrotóxicos no mundo e resíduos destes produtos nos alimentos continuam a preocupar consumidores que carecem de informações. Este ensaio buscou reaver maiores informações sobre o tema na literatura existente, de forma a incentivar que o mesmo seja debatido por diferentes atores sociais, assim como mostrar a experiência brasileira na busca da segurança alimentar, no setor da vigilância à saúde. Foram levantadas pesquisas realizadas no país e no exterior que relatam situações de exposição ocupacional, problemas ligados à saúde humana e ambiental e dados referentes a análises de alimentos. São sugeridas diversas ações para minimizar os efeitos dos agrotóxicos, como uma maior fiscalização na comercialização e uso destes produtos químicos, simplificação dos rótulos nas embalagens e maior adequação dos equipamentos de proteção. Espera-se que o exposto possa colaborar com ações preventivas. Resumo em inglês The modern agriculture introduced besides new techniques, equipments and a higher number of agronomical researches, a diversity of new products, as pesticides and fertilizers. It also brought up changes in labor hours and working conditions, as well as risks linked to the new activities, that later reflected in health, especially for rural workers. World Health Organization believes that per year between 3 and 5 millions of people are intoxicated world wide and pesticide (mais) residue in food continues to preoccupy consumers that need more information about this theme. This article aims on gathering information about the theme and to support discussion among different social actors, also showing the Brazilian experience in health surveillance in its pathway to reach food security. Researches in Brazil and elsewhere were raised reporting occupational exposure and problems related to human and environmental health and data related to food analyses. Actions are suggested to minimize pesticide effect, for example the improvement on fiscalization over sales and use of these chemical products, changes in labels and safety equipments. The authors expect that the article may collaborate to preventive actions.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

46

Estudo da ototoxicidade em trabalhadores expostos a organofosforados/ Ototoxicity study in workers exposed to organophosphate

Hoshino, Ana Cristina Hiromi; Pacheco-Ferreira, Heloisa; Taguchi, Carlos Kazuo; Tomita, Shiro; Miranda, Maria de Fátima
2008-12-01

Resumo em português A exposição ocupacional e ambiental aos agrotóxicos evidencia-se como um grave problema de Saúde Pública em nosso país. Entre os sintomas apresentados, a tonteira se destaca, em decorrência de uma provável ação tóxica. OBJETIVO: O objetivo do estudo é caracterizar os resultados do exame vestibular de trabalhadores rurais expostos ocupacionalmente e ambientalmente aos agrotóxicos organofosforados. MATERIAL E MÉTODO: Foi realizado um estudo de coorte com corte (mais) transversal em 18 trabalhadores rurais de Teresópolis, RJ. A faixa etária variou de 16 a 59 anos com uma média de 39,6 anos, sendo 5 trabalhadores do sexo masculino e 13 do sexo feminino. Foram utilizados três questionários com perguntas relacionadas à saúde geral e auditiva e perguntas específicas à tonteira e suas relações com o trabalho. Todos os trabalhadores passaram por uma avaliação clínica e realizaram os exames vectoeletronistagmografia e audiometria. RESULTADOS: Os resultados mostraram que 16 trabalhadores apresentaram alterações do equilíbrio corporal de tipo periférico irritativo e 7 trabalhadores apresentaram perdas auditivas do tipo neurossensorial, sugerindo que os agrotóxicos induzem alterações do sistema vestibular através de uma intoxicação lenta e silenciosa. CONCLUSÕES: O olhar clínico sobre esta população exposta a substâncias neuro-ototóxicas requer uma abordagem interdisciplinar, assegurando uma intervenção terapêutica e preventiva eficaz. Resumo em inglês Occupational and environmental exposure to agricultural pesticides represent an important health care problem in our country. Among the symptoms presented, dizziness stands out, because of a probable toxic action. AIM: The goal of our study was to characterize vestibular test results from rural workers occupationally and environmentally exposed to organophosphates used in agricultural pesticides. MATERIALS AND METHODS: We carried out a cohort cross-sectional study with 18 (mais) rural workers from Teresópolis, RJ. Age ranged between 16 and 59 years, with a mean value of 39.6 years, 5 were males and 13 females. We used three questionnaires with questions associated with general and auditory health, and more specific questions about dizziness and its association with work. All workers underwent clinical evaluation, audiometry and vectoelectronystagmography. RESULTS: results showed that 16 workers had irritative peripheral body balance disorder and 7 workers had sensorineural hearing loss, thus suggesting that agricultural pesticides cause vestibular alterations through a slow and silent intoxication. CONCLUSIONS: medical care for this population exposed to neurotoxic substances require an interdisciplinary approach, to guarantee efficient preventive and therapeutic measures.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

47

Distribuição espacial da leptospirose no Rio Grande do Sul, Brasil: recuperando a ecologia dos estudos ecológicos/ Spatial distribution of leptospirosis in Rio Grande do Sul, Brazil: recovering the ecology of ecological studies

Barcellos, Christovam; Lammerhirt, Célia Beatriz; Almeida, Marco Antonio B. de; Santos, Edmilson dos
2003-10-01

Resumo em português A leptospirose apresenta no Estado do Rio Grande do Sul uma grande diversidade de situações de exposição, reservatórios, agentes etiológicos e quadros clínicos. O principal objetivo desse trabalho é identificar áreas de maior risco e possíveis componentes ecológicos da transmissão da leptospirose por meio da agregação de dados epidemiológicos em unidades espaciais que representem a diversidade sócio-ambiental do Estado. Os 1.274 casos confirmados de leptos (mais) pirose ocorridos em 2001 foram georreferenciados por município de residência. Os mapas de municípios foram sobrepostos aos de caracterização de uso do solo, relevo e bacias hidrográficas. Com as operações de SIG, foram calculadas as taxas de incidência para cada categoria e sua significância estatística. As maiores taxas de incidência foram verificadas em áreas sedimentares litorâneas, de baixa altitude e uso do solo predominantemente agrícola. Nessas áreas, a maior parte dos casos está associada à lavoura irrigada. Os resultados sugerem a existência de características ecológicas favoráveis à transmissão da leptospirose em locais de proliferação de roedores sinantrópicos e de produção agrícola intensiva. São discutidos os efeitos da agregação de dados em unidades ambientais na análise de dados epidemiológicos e estratégias de controle da endemia no Estado. Resumo em inglês Leptospirosis is an endemic disease in the State of Rio Grande do Sul, Brazil, and presents a broad diversity of exposure routes, reservoirs, etiological agents, and clinical features. The main objective of this work is to identify transmission areas and possible ecological components of leptospirosis transmission. This was accomplished through the aggregation of epidemiological data into spatial units that represent the State's socio-environmental diversity. The 1,274 co (mais) nfirmed leptospirosis cases that occurred in 2001 were georeferenced in the counties of residence. The county maps were overlaid on environmental units characterizing land use, altitude, and river basins. Incidence rates for each environmental class were calculated, along with their statistical significance, through GIS aggregation operations. The highest incidence rates were verified in coastal sedimentary areas with low altitude and predominantly agricultural land use. In these areas, most of the cases were associated with irrigated farming. The results suggest the existence of favorable ecological characteristics for leptospirosis transmission in places involving proliferation of peri-domiciliary rodents and intensive agricultural production. The article discusses the effects of data aggregation into environmental units, as well as strategies to control the endemic in the State.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

48

Distribuição espacial da leptospirose no Rio Grande do Sul, Brasil: recuperando a ecologia dos estudos ecológicos/ Spatial distribution of leptospirosis in Rio Grande do Sul, Brazil: recovering the ecology of ecological studies

Barcellos, Christovam; Lammerhirt, Célia Beatriz; Almeida, Marco Antonio B. de; Santos, Edmilson dos
2003-10-01

Resumo em português A leptospirose apresenta no Estado do Rio Grande do Sul uma grande diversidade de situações de exposição, reservatórios, agentes etiológicos e quadros clínicos. O principal objetivo desse trabalho é identificar áreas de maior risco e possíveis componentes ecológicos da transmissão da leptospirose por meio da agregação de dados epidemiológicos em unidades espaciais que representem a diversidade sócio-ambiental do Estado. Os 1.274 casos confirmados de leptos (mais) pirose ocorridos em 2001 foram georreferenciados por município de residência. Os mapas de municípios foram sobrepostos aos de caracterização de uso do solo, relevo e bacias hidrográficas. Com as operações de SIG, foram calculadas as taxas de incidência para cada categoria e sua significância estatística. As maiores taxas de incidência foram verificadas em áreas sedimentares litorâneas, de baixa altitude e uso do solo predominantemente agrícola. Nessas áreas, a maior parte dos casos está associada à lavoura irrigada. Os resultados sugerem a existência de características ecológicas favoráveis à transmissão da leptospirose em locais de proliferação de roedores sinantrópicos e de produção agrícola intensiva. São discutidos os efeitos da agregação de dados em unidades ambientais na análise de dados epidemiológicos e estratégias de controle da endemia no Estado. Resumo em inglês Leptospirosis is an endemic disease in the State of Rio Grande do Sul, Brazil, and presents a broad diversity of exposure routes, reservoirs, etiological agents, and clinical features. The main objective of this work is to identify transmission areas and possible ecological components of leptospirosis transmission. This was accomplished through the aggregation of epidemiological data into spatial units that represent the State's socio-environmental diversity. The 1,274 co (mais) nfirmed leptospirosis cases that occurred in 2001 were georeferenced in the counties of residence. The county maps were overlaid on environmental units characterizing land use, altitude, and river basins. Incidence rates for each environmental class were calculated, along with their statistical significance, through GIS aggregation operations. The highest incidence rates were verified in coastal sedimentary areas with low altitude and predominantly agricultural land use. In these areas, most of the cases were associated with irrigated farming. The results suggest the existence of favorable ecological characteristics for leptospirosis transmission in places involving proliferation of peri-domiciliary rodents and intensive agricultural production. The article discusses the effects of data aggregation into environmental units, as well as strategies to control the endemic in the State.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

49

Investigação de fatores associados à asma de difícil controle/ Investigation of factors associated with difficult-to-control asthma

Araujo, Ana Carla Sousa de; Ferraz, Érica; Borges, Marcos de Carvalho; Terra Filho, João; Vianna, Elcio Oliveira
2007-10-01

Resumo em português OBJETIVO: Pesquisar a freqüência dos fatores associados à asma de difícil controle. MÉTODOS: Foram selecionados pacientes com diagnóstico de asma grave do ambulatório de asma do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto. Os pacientes foram classificados em dois grupos: asma grave controlada e asma grave de difícil controle. Após nova tentativa de otimização do tratamento para o grupo de difícil controle, foram aplicados questionário e (mais) investigação complementar de fatores associados, como exposição ambiental domiciliar e ocupacional, tabagismo, fatores sociais, rinossinusite, doença do refluxo gastroesofágico (DRGE), apnéia obstrutiva do sono, insuficiência cardíaca congestiva (ICC), embolia pulmonar, fibrose cística, disfunção de cordas vocais, deficiência de alfa-1 antitripsina e vasculite de Churg-Strauss. RESULTADOS: Foram selecionados 77 pacientes com asma grave, dos quais 47 apresentavam asma de difícil controle, sendo 68,1% do sexo feminino, idade média de 44,4 anos (±14,4) e volume expiratório forçado no primeiro segundo de 54,7% (±18,3%). Dos diagnósticos encontrados em associação à asma de difícil controle, o mais freqüente foi a pouca adesão ao tratamento (68%). Outros foram as más condições ambientais (34%) e ocupacionais (17%), rinossinusite (57%), DRGE (49%), apnéia obstrutiva do sono (2%), ICC (2%) e tabagismo (10%). Em todos os casos, pelo menos um desses fatores concomitantes foi diagnosticado. CONCLUSÕES: O fator mais freqüente associado à asma de difícil controle nos indivíduos estudados é a pouca adesão à medicação prescrita. A investigação de co-morbidades é imperativa na avaliação de pacientes com esta forma da doença. Resumo em inglês OBJECTIVE: To determine the prevalence of factors associated with difficult-to-control asthma. METHODS: Patients with severe asthma were selected from the outpatient asthma clinic of the Ribeirão Preto School of Medicine Hospital das Clínicas. The patients were divided into two groups: controlled severe asthma and difficult-to-control severe asthma. After new attempts to optimize the severe asthma treatment, a questionnaire was applied, and additional tests for factors (mais) associated with difficult-to-control asthma, such as environmental and occupational exposure, smoking history, social factors, rhinitis/sinusitis, gastroesophageal reflux disease (GERD), obstructive sleep apnea, congestive heart failure (CHF), pulmonary embolism, cystic fibrosis, vocal cord dysfunction, alpha-1 antitrypsin deficiency, and Churg-Strauss syndrome, were performed. RESULTS: 77 patients with severe asthma were selected, of which 47 suffered from hard-to-control asthma, being 68.1% female, with mean age of 44.4 years (±14.4), and forced expiratory volume in one second of 54.7% (±18.3). The most factors most often associated with difficult-to-control asthma were noncompliance with treatment (68%), rhinitis/sinusitis (57%), GERD (49%), environmental exposure (34%), occupational exposure (17%), smoking history (10%), obstructive sleep apnea (2%), and CHF (2%). At least one of these factors was identified in every case. CONCLUSIONS: Noncompliance with treatment was the factor most often associated with difficult-to-control asthma, underscoring the need to investigate comorbidities in the evaluation of patients with this form of the disease.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

50

Hábitos alimentares e fatores de risco para aterosclerose em estudantes de Bento Gonçalves (RS)/ Dietary habits and risk factors for atherosclerosis in students from Bento Gonçalves (state of Rio Grande do Sul)

Cimadon, Hosana Maria Speranza; Geremia, Renata; Pellanda, Lucia Campos
2010-08-01

Resumo em português FUNDAMENTO: A doença cardiovascular aterosclerótica inicia seu processo na infância precoce e é influenciada ao longo da vida por fatores genéticos e exposição ambiental a fatores de risco potencialmente modificáveis. OBJETIVO: Investigar a prevalência de fatores de risco para aterosclerose com ênfase nos hábitos alimentares em uma cidade de colonização predominantemente italiana. MÉTODOS: Estudo transversal de base populacional, envolvendo 590 estudantes do (mais) ensino fundamental com idades entre 9 e 18 anos, com amostra por conglomerado. Foram coletados: dados de identificação, história familiar e história pregressa, além das informações referentes à alimentação dos estudantes. Os hábitos alimentares considerados inadequados incluíram: consumo de fast food, guloseimas, bebidas açucaradas e gorduras de origem animal por quatro ou mais vezes por semana e frutas, hortaliças e leguminosas por menos de quatro vezes por semana. RESULTADOS: A prevalência de excesso de peso entre os estudantes foi 24,6% (n=145); pressão arterial elevada, 11,1% (n=65); tabagismo passivo, 35,4% (n=208); estilo de vida sedentário, 52,3% (n=306); história familiar doenças 1º grau: hipertensão arterial sistêmica, 21,4% e obesidade, 36,5%. Alimentos consumidos por quatro ou mais vezes por semana: fast food, 70,3% (n=411); guloseimas, 42,7% (n=252); bebidas açucaradas, 71% (n=419); e gorduras de origem animal, 24,4% (n=143). Alimentos consumidos por menos de quatro vezes por semana: frutas, 36,8% (n=215); hortaliças, 49,5% (n= 292) e leguminosas, 63,7% (n=374). CONCLUSÃO: São necessárias intervenções que promovam mudanças nos hábitos alimentares dos estudantes: maior consumo de frutas, hortaliças e leguminosas e aumento do nível de atividade física. Resumo em inglês BACKGROUND: Atherosclerotic cardiovascular disease begins its process in early childhood and is influenced throughout life by genetic factors and environmental exposure to potentially modifiable risk factors. OBJECTIVE: To investigate the prevalence of risk factors for atherosclerosis with emphasis on dietary habits in a predominantly Italian colonization town. METHODS: Population-based cross sectional study, involving 590 primary school students aged between 9 and 18 yea (mais) rs, with a cluster sample. The following were collected: identification data, family history and personal history, and information regarding students' eating habits. Dietary habits considered inappropriate included: consumption of fast food, sugary snacks, sugar-sweetened beverages and animal fats four or more times a week, and fruits, green vegetables, and leguminous vegetables less than four times a week. RESULTS: The prevalence of overweight among students was 24.6% (n = 145), high blood pressure, 11.1% (n = 65); passive smoking, 35.4% (n = 208); sedentary lifestyle, 52.3% (n = 306), family history of 1st degree disease: hypertension, 21.4%, obesity 36.5%. Food items eaten four or more times a week: fast food, 70.3% (n = 411); sugary snacks, 42.7% (n = 252), sugar-sweetened beverages, 71% (n = 419), and animal fats, 24.4% (n = 143). Food items eaten less than four times a week: fruits, 36.8% (n = 215), green vegetables, 49.5% (n = 292) and leguminous vegetables, 63.7% (n = 374). CONCLUSION: Interventions are needed to promote changes in students' eating habits: higher level of consumption of fruits, green vegetables and leguminous vegetables, and increased level of physical activity.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

51

Monitoramento de fungos anemófilos e de leveduras em unidade hospitalar/ Monitoring of airborne fungus and yeast species in a hospital unit

Martins-Diniz, José Nelson; Silva, Rosangela Aparecida Moraes da; Miranda, Elaine Toscano; Mendes-Giannini, Maria José Soares
2005-06-01

Resumo em português OBJETIVO: Monitorar e caracterizar fungos anemófilos e leveduras de fontes bióticas e abióticas de uma unidade hospitalar. MÉTODOS: As coletas foram realizadas mensalmente e em dois períodos, do centro cirúrgico e unidades de terapia intensiva adulto e neonatal em hospital de Araraquara, Estado de São Paulo. Para coleta de fungos anemófilos foi utilizado amostrador tipo Andersen de simples estágio. A pesquisa de leveduras foi feita das mãos e de orofaringe de pr (mais) ofissionais de saúde, bem como de superfícies de leitos e de maçanetas das áreas críticas. RESULTADOS: Foram recuperados do centro cirúrgico 32 gêneros de fungos anemófilos e 31 das unidades de terapia intensiva. Os gêneros mais freqüentemente isolados foram Cladophialophora spp., Fusarium spp., Penicillium spp., Chrysosporium spp. e Aspergillus spp. Durante o período de estudo, houve reforma e implantação de uma unidade dentro do hospital, que coincidiu com o aumento na contagem de colônias de Cladophialophora spp., Aspergillus spp. e Fusarium spp. Leveduras foram encontradas em 39,4% dos profissionais de saúde (16,7% das amostras dos espaços interdigitais, 12,1% do leito subungueal e 10,6% da orofaringe) e, em 44% das amostras do mobiliário, com predomínio do gênero Candida (C. albicans, C. guilliermondii, C. parapsilosis e C. lusitaniae) seguido por Trichosporon spp. CONCLUSÕES: Observou-se número relativamente elevado de fungos anemófilos (potencialmente patogênicos) em áreas especiais e níveis expressivos de leveduras em fontes bióticas e abióticas. O monitoramento microbiológico ambiental deve ser realizado, principalmente em salas especiais com pacientes imunocomprometidos, sujeitos à exposição de patógenos do meio ambiente, assim como, advindos de profissionais de saúde. Resumo em inglês OBJECTIVE: To monitor and characterize airborne filamentous fungi and yeasts from abiotic and biotic sources within a hospital unit. METHODS: Collections were carried out on a monthly basis, at two different time periods, from the adult and pediatric intensive care units and surgical center of a hospital in Araraquara, Southeastern Brazil. Collection of airborne fungi was carried out using a simple-stage Andersen sample. The presence of yeasts was investigated in samples (mais) taken from the hands and oropharynx of staff members as well as from the surface of beds and doorknobs inside the critical areas. RESULTS: Thirty-two genera of airborne fungi and were recovered from the surgical center and 31 from the intensive care units. Genera most frequently isolated were Cladophialophora spp., Fusarium spp., Penicillium spp., Chrysosporium spp. e Aspergillus spp. During the study period, a new unit was built in the hospital, which coincided with an increase in Cladophialophora spp., Aspergillus spp., and Fusarium spp. colony counts. Yeasts were found in 39.4% of samples obtained from healthcare staff (16.7% from interdigital spaces, 12.1% from nailbeds, and 10.6% from oropharynx) and in 44% of furniture samples, with a predominance of the Candida genus ((C. albicans, C. guilliermondii, C. parapsilosis e C. lusitaniae), followed by Trichosporon spp. CONCLUSIONS: We found a relatively high number of airborne fungi (potentially pathological) in special areas and expressive levels of yeasts in both biotic and abiotic samples. Microbiological and environmental monitoring should be conducted, especially in special areas which include immunocompromised patients, who are more susceptible to the exposure to environmental and staff-derived pathogens.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

52

Monitoramento de fungos anemófilos e de leveduras em unidade hospitalar/ Monitoring of airborne fungus and yeast species in a hospital unit

Martins-Diniz, José Nelson; Silva, Rosangela Aparecida Moraes da; Miranda, Elaine Toscano; Mendes-Giannini, Maria José Soares
2005-06-01

Resumo em português OBJETIVO: Monitorar e caracterizar fungos anemófilos e leveduras de fontes bióticas e abióticas de uma unidade hospitalar. MÉTODOS: As coletas foram realizadas mensalmente e em dois períodos, do centro cirúrgico e unidades de terapia intensiva adulto e neonatal em hospital de Araraquara, Estado de São Paulo. Para coleta de fungos anemófilos foi utilizado amostrador tipo Andersen de simples estágio. A pesquisa de leveduras foi feita das mãos e de orofaringe de pr (mais) ofissionais de saúde, bem como de superfícies de leitos e de maçanetas das áreas críticas. RESULTADOS: Foram recuperados do centro cirúrgico 32 gêneros de fungos anemófilos e 31 das unidades de terapia intensiva. Os gêneros mais freqüentemente isolados foram Cladophialophora spp., Fusarium spp., Penicillium spp., Chrysosporium spp. e Aspergillus spp. Durante o período de estudo, houve reforma e implantação de uma unidade dentro do hospital, que coincidiu com o aumento na contagem de colônias de Cladophialophora spp., Aspergillus spp. e Fusarium spp. Leveduras foram encontradas em 39,4% dos profissionais de saúde (16,7% das amostras dos espaços interdigitais, 12,1% do leito subungueal e 10,6% da orofaringe) e, em 44% das amostras do mobiliário, com predomínio do gênero Candida (C. albicans, C. guilliermondii, C. parapsilosis e C. lusitaniae) seguido por Trichosporon spp. CONCLUSÕES: Observou-se número relativamente elevado de fungos anemófilos (potencialmente patogênicos) em áreas especiais e níveis expressivos de leveduras em fontes bióticas e abióticas. O monitoramento microbiológico ambiental deve ser realizado, principalmente em salas especiais com pacientes imunocomprometidos, sujeitos à exposição de patógenos do meio ambiente, assim como, advindos de profissionais de saúde. Resumo em inglês OBJECTIVE: To monitor and characterize airborne filamentous fungi and yeasts from abiotic and biotic sources within a hospital unit. METHODS: Collections were carried out on a monthly basis, at two different time periods, from the adult and pediatric intensive care units and surgical center of a hospital in Araraquara, Southeastern Brazil. Collection of airborne fungi was carried out using a simple-stage Andersen sample. The presence of yeasts was investigated in samples (mais) taken from the hands and oropharynx of staff members as well as from the surface of beds and doorknobs inside the critical areas. RESULTS: Thirty-two genera of airborne fungi and were recovered from the surgical center and 31 from the intensive care units. Genera most frequently isolated were Cladophialophora spp., Fusarium spp., Penicillium spp., Chrysosporium spp. e Aspergillus spp. During the study period, a new unit was built in the hospital, which coincided with an increase in Cladophialophora spp., Aspergillus spp., and Fusarium spp. colony counts. Yeasts were found in 39.4% of samples obtained from healthcare staff (16.7% from interdigital spaces, 12.1% from nailbeds, and 10.6% from oropharynx) and in 44% of furniture samples, with a predominance of the Candida genus ((C. albicans, C. guilliermondii, C. parapsilosis e C. lusitaniae), followed by Trichosporon spp. CONCLUSIONS: We found a relatively high number of airborne fungi (potentially pathological) in special areas and expressive levels of yeasts in both biotic and abiotic samples. Microbiological and environmental monitoring should be conducted, especially in special areas which include immunocompromised patients, who are more susceptible to the exposure to environmental and staff-derived pathogens.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

53

Exposição ao mercúrio e ao arsênio em Estados da Amazônia: síntese dos estudos do Instituto Evandro Chagas/FUNASA/ Exposure to mercury and arsenic in Amazon States: a summary of studies by the Evandro Chagas Institute/FUNASA

Santos, Elisabeth C. de Oliveira; Jesus, Iracina Maura de; Brabo, Edilson da Silva; Fayal, Kleber Freitas; Sá Filho, Gregório Carrera; Lima, Marcelo de Oliveira; Miranda, Antônio Marcos M.; Mascarenhas, Artur S.; Sá, Lena L. Canto de; Silva, Alexandre Pessoa da; Câmara, Volney de Magalhães
2003-06-01

Resumo em português Este artigo é uma revisão das pesquisas da Seção de Meio Ambiente do Instituto Evandro Chagas/FUNASA sobre exposição ao mercúrio (Hg) no vale do rio Tapajós e Estado do Acre, e exposição ao arsênio (As) através de resíduos da exploração de manganês (Mn) realizada pela ICOMI deixados no Porto de Santana-AP. Em relação ao mercúrio, têm sido pesquisadas populações sob risco através da via respiratória ou alimentar. No primeiro caso, os trabalhadores d (mais) e casas de compra e venda de ouro têm apresentado teores mais elevados de Hg em urina do que os garimpeiros estudados. No segundo caso, as populações ribeirinhas têm mostrado níveis diferenciados de exposição (Hg em cabelo). Comunidades ribeirinhas situadas em áreas não afetadas pelo mercúrio da garimpagem e com hábitos alimentares semelhantes às de área de risco têm sido avaliadas, visando a construção de parâmetros de normalidade regional. São também pesquisados os teores de Hg em materiais ambientais e na biota aquática. Os estudos de saúde humana e ambiente na cidade de Santana-AP objetivaram avaliar as fontes e possíveis vias de exposição da população da comunidade do Elesbão ao arsênio. Verificou-se a existência de fonte de risco através dos rejeitos de Mn, porém os níveis de As na água consumida pela população mostraram-se dentro dos parâmetros de normalidade. As médias encontradas em sangue e cabelo coincidem com médias de normalidade referidas na literatura, em populações não expostas, e as associações entre variáveis epidemiológicas, avaliação clínico-laboratorial e os teores de arsênio não mostraram significância estatística. Resumo em inglês This article is a review of the studies carried out by Environmental Section of the Evandro Chagas Institute/FUNASA on mercury (Hg) exposure in the Tapajós river basin, and arsenic exposure (As) due to residues of the manganese (Mn) exploration, performed by ICOMI and left at the port of Santana-AP. Regarding mercury exposure, the populations under respiratory or ingestion risk have been studied. In the first case, gold shop workers have been showing higher Hg levels in (mais) urine than gold miners. In the second case, riverine populations have been showing differentiated exposure levels (Hg in hair). Riverine communities from areas not affected by gold mining mercury and with similar dietary habits to those of a risk area are studied seeking to establish what the normal parameters for the region area. Levels of Hg in environmental materials and in the aquatic biota were also studied. The studies of human and environmental health in the city of Santana-AP were carried out to evaluate sources and possible exposure routes of the Elesbão community to Arsenic. The existence of a risk source for As was verified through Mn wastes, although the As levels in the water consumed by the population were within normal standards. The averages found in blood and hair match normal averages found in the literature in non-exposed population, and the statistical associations between epidemiological variables, clinical evaluation, laboratorial results and arsenic levels were not significant.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

54

Exposição ao mercúrio e ao arsênio em Estados da Amazônia: síntese dos estudos do Instituto Evandro Chagas/FUNASA/ Exposure to mercury and arsenic in Amazon States: a summary of studies by the Evandro Chagas Institute/FUNASA

Santos, Elisabeth C. de Oliveira; Jesus, Iracina Maura de; Brabo, Edilson da Silva; Fayal, Kleber Freitas; Sá Filho, Gregório Carrera; Lima, Marcelo de Oliveira; Miranda, Antônio Marcos M.; Mascarenhas, Artur S.; Sá, Lena L. Canto de; Silva, Alexandre Pessoa da; Câmara, Volney de Magalhães
2003-06-01

Resumo em português Este artigo é uma revisão das pesquisas da Seção de Meio Ambiente do Instituto Evandro Chagas/FUNASA sobre exposição ao mercúrio (Hg) no vale do rio Tapajós e Estado do Acre, e exposição ao arsênio (As) através de resíduos da exploração de manganês (Mn) realizada pela ICOMI deixados no Porto de Santana-AP. Em relação ao mercúrio, têm sido pesquisadas populações sob risco através da via respiratória ou alimentar. No primeiro caso, os trabalhadores d (mais) e casas de compra e venda de ouro têm apresentado teores mais elevados de Hg em urina do que os garimpeiros estudados. No segundo caso, as populações ribeirinhas têm mostrado níveis diferenciados de exposição (Hg em cabelo). Comunidades ribeirinhas situadas em áreas não afetadas pelo mercúrio da garimpagem e com hábitos alimentares semelhantes às de área de risco têm sido avaliadas, visando a construção de parâmetros de normalidade regional. São também pesquisados os teores de Hg em materiais ambientais e na biota aquática. Os estudos de saúde humana e ambiente na cidade de Santana-AP objetivaram avaliar as fontes e possíveis vias de exposição da população da comunidade do Elesbão ao arsênio. Verificou-se a existência de fonte de risco através dos rejeitos de Mn, porém os níveis de As na água consumida pela população mostraram-se dentro dos parâmetros de normalidade. As médias encontradas em sangue e cabelo coincidem com médias de normalidade referidas na literatura, em populações não expostas, e as associações entre variáveis epidemiológicas, avaliação clínico-laboratorial e os teores de arsênio não mostraram significância estatística. Resumo em inglês This article is a review of the studies carried out by Environmental Section of the Evandro Chagas Institute/FUNASA on mercury (Hg) exposure in the Tapajós river basin, and arsenic exposure (As) due to residues of the manganese (Mn) exploration, performed by ICOMI and left at the port of Santana-AP. Regarding mercury exposure, the populations under respiratory or ingestion risk have been studied. In the first case, gold shop workers have been showing higher Hg levels in (mais) urine than gold miners. In the second case, riverine populations have been showing differentiated exposure levels (Hg in hair). Riverine communities from areas not affected by gold mining mercury and with similar dietary habits to those of a risk area are studied seeking to establish what the normal parameters for the region area. Levels of Hg in environmental materials and in the aquatic biota were also studied. The studies of human and environmental health in the city of Santana-AP were carried out to evaluate sources and possible exposure routes of the Elesbão community to Arsenic. The existence of a risk source for As was verified through Mn wastes, although the As levels in the water consumed by the population were within normal standards. The averages found in blood and hair match normal averages found in the literature in non-exposed population, and the statistical associations between epidemiological variables, clinical evaluation, laboratorial results and arsenic levels were not significant.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

55

Xenoestrogênios: o exemplo do bisfenol-A

Goloubkova, Tatiana; Spritzer, Poli Mara
2000-08-01

Resumo em português Evidências acumuladas indicam que a saúde dos seres humanos, animais e espécies selvagens pode sofrer conseqüências adversas da exposição a produtos químicos presentes no meio ambiente e que interagem com o sistema endócrino, tais como bifenilas policloradas, dioxinas, estrogênios de ocorrência natural e sintéticos. Por outro lado, permanecem incertezas científicas com respeito aos dados relatados e, também, quanto à hipótese de haver níveis suficientemen (mais) te elevados de exposição a estes agentes, a ponto de exercer efeito estrogênico generalizado sobre a população. Este trabalho revisa os principais tópicos relacionados a um dos xenoestrogênios que vem sendo mais recentemente estudado: o Bisfenol A (BFA), um monômero de plástico poli-carbonato, com pouca homologia estrutural com o estradiol (E2) mas semelhante ao dietilestilbestrol (DES), hexestriol e componente bisfenólico do tamoxifeno. O presente trabalho comenta e analisa criticamente os efeitos do BFA sobre o trato reprodutivo e função lactotrófica em animais de experimentação, à luz das informações disponíveis e experiência do grupo nesta área, e recomenda algumas necessidades de pesquisa. Resumo em inglês Some evidences indicate that humans and domestic and wildlife species might suffer adverse consequences from exposure to environmental chemicals that interact with the endocrine system, including polychlorinated biphenyls, dioxins, synthetic and naturally occurring plant estrogens. However, considerable scientific uncertainty remains regarding the causes of these reported effects and whether sufficiently high levels of endocrine-disrupting chemicals exist in the ambient e (mais) nvironment to exert adverse effects on the general population. This review summarizes the principal issues related to bisphenol A, an environmental endocrine disrupting chemical with estrogen activity. Bisphenol A is a monomer of plastics and has little structural homology with estradiol, sharing similarity with synthetic estrogens such as diethylstilbestrol and with the bisphenolic component of tamoxifen. In the light of available information and our laboratory experience in this field of research, this work comments and critically analyses the effects of BPA on the reproductive tract and lactotroph function in several rat strains, and also offers some recommendations for additional research.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

56

Exposição à água contaminada: percepções e práticas em um bairro de Manaus, Brasil/ Exposure to contaminated water: perceptions and practices in a neighborhood in the city of Manaus, Brazil

Giatti, Leandro Luiz; Neves, Natasha Lima da Silva; Saraiva, Giselle Nayara de Moraes; Toledo, Renata Ferraz de
2010-11-01

Resumo em português OBJETIVO: Investigar o modo de abastecimento de água e a percepção quanto aos problemas causados por essa água entre moradores de um bairro sem abastecimento público e instalado numa área anteriormente utilizada como depósito de lixo na Cidade de Manaus, Brasil. MÉTODOS. Foram realizadas 162 entrevistas semiestruturadas em domicílios do bairro, além de um grupo focal com professores de uma escola pública local, onde também houve uma reunião com moradores. Os (mais) instrumentos aplicados enfocaram a percepção e os modos de uso da água e o processo de exposição a contaminantes químicos pela água. RESULTADOS: Predominou entre a população o uso de água de poço sem qualquer tratamento. Essa água foi considerada como "boa" por 64,8% dos entrevistados. A maioria dos moradores (88,3%) declarou saber da existência do lixão; desses, 77,6% afirmaram que o lixão causava problemas ao ambiente e à saúde. Contudo, análises qualitativas das respostas não demonstraram reconhecimento da contaminação por elementos químicos e nem de suas possíveis consequências. Em atividades com os professores, ficou claro que os mesmos conheciam parcialmente o problema, não realizando intervenções a esse respeito. Em reunião com os moradores foi identificada uma militância relativa ao problema dentro do bairro, mas que não extrapolava a localidade e não interagia com esferas governamentais. CONCLUSÕES. O estudo identificou uma situação crítica de exposição que tende a se perpetuar em decorrência de percepções equivocadas e da falta de mobilização da sociedade. A disseminação de resultados junto a professores e moradores locais foi útil para empoderar os sujeitos da pesquisa. Resumo em inglês OBJECTIVE: To investigate the modes of water supply and the perception concerning the problems caused by this water among residents of a neighborhood without public supply of water, settled in an area previously used as a garbage dump in the city of Manaus, Brazil. METHODS: One hundred and sixty-two semi-structured household interviews were conducted. In addition, a focal group with teachers from a local public school and a meeting with residents were held. The instrument (mais) s employed focused on the perception and modes of water use and on the process of exposure to chemical contaminants through water. RESULTS: Untreated well water was used by most families. This water was considered to be "good" by 64.8% of the individuals interviewed. Most residents (88.3%) declared knowledge about the garbage dump. Of these, 77.6% stated that the garbage dump caused health and environmental problems. However, qualitative analysis of the responses revealed that the residents were not aware of contamination by chemical elements or of the consequences of such contamination. The activities carried out with teachers revealed that they were partially aware of the problem, but did not design interventions to address the issue. In a meeting with neighborhood residents, the presence of social activism concerning the problem was identified, but it did not extend beyond the neighborhood or reach governmental spheres. CONCLUSIONS: The study identified a situation of critical exposure that tends to be maintained as a result of misperceptions and lack of social mobilization. The dissemination of research results to teachers and residents was useful to empower subjects.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

57

Fumador internado? - A intervenção apropriada/ In-patient smoker? - Providing appropriate intervention

Pamplona, Paula
2007-12-01

Resumo em português O tabagismo é a causa de morte evitável mais frequente. Para além de provocar múltiplas doenças causadoras de internamentos, o tabagismo é também uma doença a tratar durante o internamento, não só para controlar a síndroma de abstinência do doente, sujeito a interrupção abrupta, mas também para cumprir a legislação que proíbe o uso de tabaco nos serviços de saúde, única forma eficaz de prevenir a exposição dos não fumadores ao fumo do tabaco presen (mais) te no ambiente (FTA). Tratar o fumador internado de forma apropriada é também aproveitar a janela de oportunidade para promover a cessação tabágica e não apenas a abstinência temporária. Resumo em inglês Tobacco use is the most avoidable cause of death. Other than provoking multiple diseases requiring hospitalisation, Tobacco Use is also a disease requiring management in the hospital setting, not only in terms of controlling the withdrawal symptoms of the patient, who has been abruptly prohibited from smoking, but also for fulfilling legislation which prohibits tobacco use in the health services, the only efficient way of preventing exposure of non-smokers to environmenta (mais) l tobacco smoke. Treating the in-patient smoker in an appropriate way also provides a window of opportunity for promoting not just a temporary but a complete smoking cessation.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

58

Tabagismo no domicílio e doença respiratória em crianças menores de cinco anos/ Household smoking and respiratory disease in under-five children

Gonçalves-Silva, Regina M. V.; Valente, Joaquim G.; Lemos-Santos, Márcia G. F.; Sichieri, Rosely
2006-03-01

Resumo em português A fumaça do tabaco no ambiente doméstico é o principal irritante do trato respiratório de crianças. Avaliaram-se os fatores associados aos sintomas e às enfermidades respiratórias, assim como a principal fonte de exposição ao tabagismo no domicílio de 2.037 crianças menores de cinco anos atendidas para vacinação em 10 dos 38 postos de saúde de Cuiabá, Mato Grosso, Brasil (aproximadamente duzentas crianças por posto). Exposição ao tabagismo, a morbidade r (mais) espiratória e as características sócio-demográficas foram obtidas por entrevista com o responsável pela criança. A prevalência de sintomáticos respiratórios foi de 59,9%, sendo maior para os que convivem com fumantes. A asma/bronquite foi a patologia que esteve mais fortemente associada com o tabagismo, sendo as variáveis que permaneceram associadas em modelo logístico hierarquizado: nível socioeconômico (OR = 2,93; IC95%: 1,57-5,45), escolaridade (OR = 1,46; IC95%: 1,08-1,98) e ocupação da mãe (OR = 1,68; IC95%: 1,04-2,74), distrito sanitário (RP = 1,47; IC95%: 1,06-2,02), faixa etária (OR = 3,38; IC95%: 2,31-4,95) e sexo da criança (OR = 1,46; IC95%: 1,09-1,94), aleitamento natural (OR = 1,66; IC95%: 1,15-2,40) e tabagismo dos moradores (OR = 1,58; IC95%: 1,18-2,11). Crianças pertencentes aos níveis socioeconômicos mais baixos e expostas ao tabagismo dos moradores do domicílio apresentam maior associação com a doença respiratória. Resumo em inglês Environmental tobacco smoke is an important respiratory tract irritant in young children. To identify factors associated with respiratory disease and determine the main source of smoking exposure in the household, a cross-sectional study of 2,037 children who were immunized in primary health care clinics was conducted (in a sample of 10 out of 38 clinics with 200 children each). Parents answered a questionnaire about children's birth, passive smoking, former and current r (mais) espiratory morbidity, socio-demographic characteristics, and living conditions. Analysis was based on hierarchical logistic regression. Prevalence of respiratory symptoms was 59.9% for children who live with smokers. Asthma and bronchitis showed the strongest association with smoking. In multivariate logistic regression, the following variables remained associated with asthma/bronchitis: socioeconomic status (OR = 2.93; 95%CI: 1.57-5.45), maternal schooling (OR = 1.46; 95%CI: 1.08-1.98)] and occupation (OR = 1.68; 95%CI: 1.04-2.74), neighborhood (OR = 1.47; 95%CI: 1.06-2.02), child's age (OR = 3.38; 95%CI: 2.31-4.95) and sex (OR = 1.46; 95%CI: 1.09-1.94), breastfeeding (OR = 1.66; 95%CI: 1.15-2.40), and household smoking (OR = 1.58; 95%CI: 1.18-2.11). Children with lower socioeconomic status and exposed to household smoking showed increased risk of respiratory disease.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

59

Tabagismo no domicílio e doença respiratória em crianças menores de cinco anos/ Household smoking and respiratory disease in under-five children

Gonçalves-Silva, Regina M. V.; Valente, Joaquim G.; Lemos-Santos, Márcia G. F.; Sichieri, Rosely
2006-03-01

Resumo em português A fumaça do tabaco no ambiente doméstico é o principal irritante do trato respiratório de crianças. Avaliaram-se os fatores associados aos sintomas e às enfermidades respiratórias, assim como a principal fonte de exposição ao tabagismo no domicílio de 2.037 crianças menores de cinco anos atendidas para vacinação em 10 dos 38 postos de saúde de Cuiabá, Mato Grosso, Brasil (aproximadamente duzentas crianças por posto). Exposição ao tabagismo, a morbidade r (mais) espiratória e as características sócio-demográficas foram obtidas por entrevista com o responsável pela criança. A prevalência de sintomáticos respiratórios foi de 59,9%, sendo maior para os que convivem com fumantes. A asma/bronquite foi a patologia que esteve mais fortemente associada com o tabagismo, sendo as variáveis que permaneceram associadas em modelo logístico hierarquizado: nível socioeconômico (OR = 2,93; IC95%: 1,57-5,45), escolaridade (OR = 1,46; IC95%: 1,08-1,98) e ocupação da mãe (OR = 1,68; IC95%: 1,04-2,74), distrito sanitário (RP = 1,47; IC95%: 1,06-2,02), faixa etária (OR = 3,38; IC95%: 2,31-4,95) e sexo da criança (OR = 1,46; IC95%: 1,09-1,94), aleitamento natural (OR = 1,66; IC95%: 1,15-2,40) e tabagismo dos moradores (OR = 1,58; IC95%: 1,18-2,11). Crianças pertencentes aos níveis socioeconômicos mais baixos e expostas ao tabagismo dos moradores do domicílio apresentam maior associação com a doença respiratória. Resumo em inglês Environmental tobacco smoke is an important respiratory tract irritant in young children. To identify factors associated with respiratory disease and determine the main source of smoking exposure in the household, a cross-sectional study of 2,037 children who were immunized in primary health care clinics was conducted (in a sample of 10 out of 38 clinics with 200 children each). Parents answered a questionnaire about children's birth, passive smoking, former and current r (mais) espiratory morbidity, socio-demographic characteristics, and living conditions. Analysis was based on hierarchical logistic regression. Prevalence of respiratory symptoms was 59.9% for children who live with smokers. Asthma and bronchitis showed the strongest association with smoking. In multivariate logistic regression, the following variables remained associated with asthma/bronchitis: socioeconomic status (OR = 2.93; 95%CI: 1.57-5.45), maternal schooling (OR = 1.46; 95%CI: 1.08-1.98)] and occupation (OR = 1.68; 95%CI: 1.04-2.74), neighborhood (OR = 1.47; 95%CI: 1.06-2.02), child's age (OR = 3.38; 95%CI: 2.31-4.95) and sex (OR = 1.46; 95%CI: 1.09-1.94), breastfeeding (OR = 1.66; 95%CI: 1.15-2.40), and household smoking (OR = 1.58; 95%CI: 1.18-2.11). Children with lower socioeconomic status and exposed to household smoking showed increased risk of respiratory disease.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

60

Estudo de revisão dos fatores biológicos, sociais e ambientais associados com o comportamento agressivo/ Study review of biological, social and environmental factors associated with aggressive behavior

Mendes, Deise Daniela; Mari, Jair de Jesus; Singer, Marina; Barros, Gustavo Machado; Mello, Andréa F.
2009-10-01

Resumo em português OBJETIVOS: Estudar os fatores de risco relacionados ao desenvolvimento do comportamento agressivo. MÉTODO: Foi realizada uma busca em duas bases de dados eletrônicas, Medline e SciElo, por estudos retrospectivos, longitudinais e de revisão que avaliaram fatores de risco para o desenvolvimento do comportamento agressivo. RESULTADOS: Foram selecionados 11 estudos longitudinais (8 prospectivos e 3 de casos-controle) e um transversal que avaliaram os fatores de risco biol� (mais) �gicos e socioambientais relacionados ao comportamento agressivo. Cinco estudos avaliaram a expressão gênica, cinco a exposição ao tabaco, ao álcool e a cocaína no período pré-natal, um avaliou as implicações da desnutrição precoce no desenvolvimento do comportamento agressivo e um avaliou o impacto dos maus tratos na infância. CONCLUSÃO: os principais fatores biológicos encontrados foram: genéticos (baixa expressão do gene monoaminaoxidase e do gene transportador de serotonina, variações nos genes transportador e receptor de dopamina), exposição a substâncias durante o desenvolvimento intrauterino (tabaco, álcool e cocaína) e nutricionais (desnutrição infantil). os principais fatores socioambientais encontrados foram: maus tratos na infância, pobreza, criminalidade e comportamento antissocial na infância, sendo que o maior nível de evidência esteve relacionado à negligência precoce. A interação entre fatores biológicos e ambientais pode ser catalisada por um ambiente hostil aumentando os riscos para o desenvolvimento de comportamentos agressivos. Resumo em inglês OBJECTIVES: To study the risk factors related to the development of aggressive behavior. METHOD: A search was carried out in two electronic databases, Medline and SciElo by retrospective studies, longitudinal and review that assessed risk factors for the development of aggressive behavior. RESULTS: There were selected 11 longitudinal studies (8 prospective and 3 case-control studies) and a cross sectional study that evaluated the risk factors and socio-biological related (mais) to aggressive behavior. Five studies have evaluated gene expression, five evaluated exposure to tobacco, alcohol and cocaine in the prenatal period, one evaluated the effect of early malnutrition on the development of aggressive behavior and one assessed the impact of child maltreatment. CONCLUSION: The main biological factors were: genetic (low expression of the monoamine oxidase gene and serotonin transporter gene, variations in transporter and dopamine receptor genes), exposure to substances during intrauterine development (tobacco, alcohol and cocaine) and nutrition (malnutrition). The main environmental factors were: child abuse, poverty, crime and antisocial behavior in childhood, while the highest level of evidence was related to early neglect. The interaction between biological and environmental factors can be catalyzed by a hostile environment, increasing the risk for the development of aggressive behavior.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

61

Definição de níveis aceitáveis baseados no risco para hidrocarbonetos no Município de Porto Alegre segundo a metodologia RBCA/ Definition of risk-based screening levels to hydrocarbons in Porto Alegre municipality according to the RBCA methodology

Takeuchi, Eri; Roisenberg, Ari
2009-12-01

Resumo em português O presente estudo definiu valores de NABR (Níveis Aceitáveis Baseados no Risco) para hidrocarbonetos no Município de Porto Alegre, de acordo a metodologia RBCA, adotando-se dados hidrogeológicos dos compartimentos Embasamento Cristalino alterado e Depósitos Sedimentares Quaternários. Os parâmetros de exposição adequados à população do município, bem como dados de toxicidade dos compostos selecionados, foram definidos a partir de fontes bibliográficas e banco (mais) s toxicológicos disponíveis. As tabelas de referência geradas são, em geral, mais restritivas para o Embasamento Cristalino em relação aos Depósitos Sedimentares. Comparados às tabelas de referência da Cetesb, os valores correspondentes a Porto Alegre são inferiores, resultando na necessidade de investigações ambientais mais detalhadas em áreas impactadas por hidrocarbonetos. Resumo em inglês This study defined RBSL (Risk Based Screening Levels) values to hydrocarbons in Porto Alegre, Southern Brazil. The values were obtained through the RBCA methodology, using hydrogeological data from the Crystalline Altered Basement and the Quaternary Sedimentary Deposits. The exposure parameters appropriate to the urban population, as well as toxicity data of selected compounds, were obtained from bibliographical sources and toxicological databases. The reference tables de (mais) monstrated that the Crystalline Altered Basement values, in general, are more restrictive than those from the Quaternary Sedimentary Deposits. In comparison to Cetesb's reference tables, the values in Porto Alegre are lower, resulting in the need of more detailed environmental investigations in hydrocarbons polluted areas.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

62

Câncer de pulmão ocupacional/ Occupational lung cancer

Algranti, Eduardo; Buschinelli, José Tarcísio Penteado; De Capitani, Eduardo Mello
2010-12-01

Resumo em português O câncer de pulmão é multicausal. Fatores hereditários, genéticos e ambientais interagem na sua gênese. O principal fator de risco é o tabagismo. Entretanto, o ambiente de trabalho é um local de possível exposição a agentes cancerígenos. Atualmente, a International Agency for Research on Cancer lista 19 substâncias/situações de trabalho/ocupações comprovadamente associadas ao câncer de pulmão (grupo 1). A abordagem da ocupação em pacientes portadores (mais) de câncer de pulmão é fraca, impactando negativamente na busca da causalidade e, consequentemente, no desvelamento de casos de câncer ocupacional. Os objetivos desta revisão foram elencar os agentes reconhecidamente indutores de câncer de pulmão, discutir a contribuição da ocupação no desenvolvimento da doença, citar as publicações nacionais sobre o tema e sugerir uma lista de procedimentos que são essenciais para uma adequada investigação da relação de causalidade entre câncer de pulmão e ocupação. Resumo em inglês Lung cancer is a multifactorial disease. Hereditary, genetic, and environmental factors interact in its genesis. The principal risk factor for lung cancer is smoking. However, the workplace provides an environment in which there is a risk of exposure to carcinogens. The International Agency for Research on Cancer currently lists 19 substances/work situations/occupations that have been proven to be associated with lung cancer (group 1). Thorough occupational history taking (mais) is not widely practiced in patients with lung cancer, which has a negative impact on the investigation of causality and, consequently, on the identification of cases of occupational cancer. The objectives of this review were to list the agents that are recognized as causes of lung cancer, to discuss the contribution of occupation to the development of the disease, to cite national studies on the subject, and to propose a list of procedures that are essential to the appropriate investigation of causality between lung cancer and occupation.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

63

Percepção das condições de trabalho em uma tradicional comunidade agrícola em Boa Esperança, Nova Friburgo, Rio de Janeiro, Brasil/ Perception of work conditions in a traditional farming community in Boa Esperança, Nova Friburgo, Rio de Janeiro State, Brazil

Peres, Frederico; Lucca, Sérgio Roberto de; Ponte, Luciana Muller Dantas da; Rodrigues, Karla Meneses; Rozemberg, Brani
2004-08-01

Resumo em português O presente estudo objetivou investigar a forma como o impacto do uso de agrotóxicos sobre a saúde humana e o ambiente é um problema que tem merecido atenção da comunidade científica em todo o mundo desde há muito tempo, sobretudo nos países em desenvolvimento onde, sem os devidos cuidados, esses compostos são amplamente utilizados. O presente estudo objetiva a aplicação de uma metodologia de diagnóstico rápido para a avaliação da percepção de riscos no tr (mais) abalho rural ­ sobretudo aquela relacionada ao uso de produtos agrotóxicos ­ frente às especificidades deste processo de trabalho e às idiossincrasias socioculturais do homem do campo. Esta metodologia inclui: observações participantes; entrevistas semi-estruturadas com informantes-chave; e avaliação do processo de trabalho. A análise dos dados desvelou uma série de questões relacionadas com a percepção de riscos da população estudada, incluindo o desenvolvimento de estratégias de defesa frente aos perigos vivenciados no trabalho, as respostas subjetivas frente a situações de potencial dano à saúde e o papel da percepção individual e coletiva dos riscos na determinação da exposição aos agrotóxicos. Resumo em inglês The impact of pesticide use on human and environmental health has received attention from the international scientific community for some time, especially in developing countries where such chemical agents are used extensively and indiscriminately. The present study adopts a methodological approach to risk perception analysis based on rapid surveys, including: participatory observation; semi-structured interviews with key informants; and evaluation of local work processes (mais) . Field data analysis revealed several issues related to the risk perception profile of the study population, including the development of defensive strategies toward work hazards, subjective responses to potentially hazardous situations, and the role of individual risk perception as a determinant of human exposure to pesticides.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

64

Percepção das condições de trabalho em uma tradicional comunidade agrícola em Boa Esperança, Nova Friburgo, Rio de Janeiro, Brasil/ Perception of work conditions in a traditional farming community in Boa Esperança, Nova Friburgo, Rio de Janeiro State, Brazil

Peres, Frederico; Lucca, Sérgio Roberto de; Ponte, Luciana Muller Dantas da; Rodrigues, Karla Meneses; Rozemberg, Brani
2004-08-01

Resumo em português O presente estudo objetivou investigar a forma como o impacto do uso de agrotóxicos sobre a saúde humana e o ambiente é um problema que tem merecido atenção da comunidade científica em todo o mundo desde há muito tempo, sobretudo nos países em desenvolvimento onde, sem os devidos cuidados, esses compostos são amplamente utilizados. O presente estudo objetiva a aplicação de uma metodologia de diagnóstico rápido para a avaliação da percepção de riscos no tr (mais) abalho rural ­ sobretudo aquela relacionada ao uso de produtos agrotóxicos ­ frente às especificidades deste processo de trabalho e às idiossincrasias socioculturais do homem do campo. Esta metodologia inclui: observações participantes; entrevistas semi-estruturadas com informantes-chave; e avaliação do processo de trabalho. A análise dos dados desvelou uma série de questões relacionadas com a percepção de riscos da população estudada, incluindo o desenvolvimento de estratégias de defesa frente aos perigos vivenciados no trabalho, as respostas subjetivas frente a situações de potencial dano à saúde e o papel da percepção individual e coletiva dos riscos na determinação da exposição aos agrotóxicos. Resumo em inglês The impact of pesticide use on human and environmental health has received attention from the international scientific community for some time, especially in developing countries where such chemical agents are used extensively and indiscriminately. The present study adopts a methodological approach to risk perception analysis based on rapid surveys, including: participatory observation; semi-structured interviews with key informants; and evaluation of local work processes (mais) . Field data analysis revealed several issues related to the risk perception profile of the study population, including the development of defensive strategies toward work hazards, subjective responses to potentially hazardous situations, and the role of individual risk perception as a determinant of human exposure to pesticides.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

65

Genética, biologia molecular e ética: as relações trabalho e saúde/ Genetics, molecular biology and ethics: work and health connections

Gattás, Gilka Jorge Figaro; Segre, Marco; Wünsch Filho, Victor
2002-01-01

Resumo em português O artigo discute o impacto dos avanços da genética e da biologia molecular sobre a prática em saúde ocupacional. O conhecimento atual sobre o genoma humano permite, em certas circunstâncias, identificar fatores individuais de suscetibilidade a doenças em situações de exposição a substâncias químicas ou físicas, ou ainda, a doenças genéticas de manifestação tardia. Estudos epidemiológicos incorporando elementos da genética e da biologia molecular têm si (mais) do desenhados para avaliar a interação de variantes metabólicas e exposições ambientais no risco de ocorrência de diferentes doenças. Apesar desta perspectiva, considera-se que as pesquisas nesta área são ainda incipientes. A estratégia para a redução dos danos causados à saúde do trabalhador deve continuar a ter como base, prioritariamente, a modificação e a adequação dos ambientes de trabalho e não a especificação genética da força de trabalho. Introduzir a discussão sobre a necessidade de definir princípios de responsabilidade social no uso de informações genéticas e que possam reger ações éticas em saúde do trabalhador é uma das propostas principais deste artigo. Resumo em inglês This paper provides a discussion about the increasing development of genetics and molecular biomarkers technologies and consequent impact on practices of occupational health. Genetic analysis could be in specific populations at occupational, pharmacological or environmental exposures. Current knowledge of human genome open up the possibility of individual genetic screening of disease susceptibility among those exposed in workplaces to chemical or physical hazards, or for (mais) late onset hereditary disease. Epidemiological studies including genetic and molecular biology approaches have been designed to evaluate the interaction of genetically determined metabolic variants with different environmental exposures on the risk of diseases. The strategy for worker's health promotion must be maintained on the surveillance of hazardous exposure risks in occupational settings and not in worker's genetic screening. Ethical behavior in occupational health can vary from country to country and even between occupational health practitioners and researchers. To discuss the need for a social responsibility context in the use of genetic information in which ethical actions in occupational health could be conducted is the main purpose of this paper.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

66

Genética, biologia molecular e ética: as relações trabalho e saúde/ Genetics, molecular biology and ethics: work and health connections

Gattás, Gilka Jorge Figaro; Segre, Marco; Wünsch Filho, Victor
2002-01-01

Resumo em português O artigo discute o impacto dos avanços da genética e da biologia molecular sobre a prática em saúde ocupacional. O conhecimento atual sobre o genoma humano permite, em certas circunstâncias, identificar fatores individuais de suscetibilidade a doenças em situações de exposição a substâncias químicas ou físicas, ou ainda, a doenças genéticas de manifestação tardia. Estudos epidemiológicos incorporando elementos da genética e da biologia molecular têm si (mais) do desenhados para avaliar a interação de variantes metabólicas e exposições ambientais no risco de ocorrência de diferentes doenças. Apesar desta perspectiva, considera-se que as pesquisas nesta área são ainda incipientes. A estratégia para a redução dos danos causados à saúde do trabalhador deve continuar a ter como base, prioritariamente, a modificação e a adequação dos ambientes de trabalho e não a especificação genética da força de trabalho. Introduzir a discussão sobre a necessidade de definir princípios de responsabilidade social no uso de informações genéticas e que possam reger ações éticas em saúde do trabalhador é uma das propostas principais deste artigo. Resumo em inglês This paper provides a discussion about the increasing development of genetics and molecular biomarkers technologies and consequent impact on practices of occupational health. Genetic analysis could be in specific populations at occupational, pharmacological or environmental exposures. Current knowledge of human genome open up the possibility of individual genetic screening of disease susceptibility among those exposed in workplaces to chemical or physical hazards, or for (mais) late onset hereditary disease. Epidemiological studies including genetic and molecular biology approaches have been designed to evaluate the interaction of genetically determined metabolic variants with different environmental exposures on the risk of diseases. The strategy for worker's health promotion must be maintained on the surveillance of hazardous exposure risks in occupational settings and not in worker's genetic screening. Ethical behavior in occupational health can vary from country to country and even between occupational health practitioners and researchers. To discuss the need for a social responsibility context in the use of genetic information in which ethical actions in occupational health could be conducted is the main purpose of this paper.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

67

Antecipação da colheita na qualidade fisiológica de sementes de soja/ Harvest anticipation on the physiological quality of soybean seeds

Terasawa, José Maurício; Panobianco, Maristela; Possamai, Edilberto; Koehler, Henrique Soares
2009-09-01

Resumo em português O retardamento da colheita a partir da maturidade fisiológica pode influenciar negativamente a qualidade da semente devido a sua exposição a condições menos favoráveis do ambiente. Normalmente, o produtor aguarda a redução de umidade das sementes e inicia a colheita tão logo seja possível efetuá-la. A pesquisa teve por objetivo avaliar a influência da colheita da soja, com diferentes teores de água, sobre a qualidade fisiológica das sementes produzidas, proc (mais) urando-se determinar o melhor momento de colheita antecipada para a cultura. Para tanto foram realizados experimentos na safra 2006/2007 com duas cultivares: FTS Campo Mourão RR e FTS Cascavel RR, de ciclo precoce e semiprecoce, respectivamente, sendo as sementes de cada cultivar colhidas no estádio R8, com diferentes teores de água, iniciando-se a operação com 28,5% de água e finalizando com 14,0%. A avaliação da qualidade foi efetuada em duas épocas: abril, para analisar a qualidade inicial das amostras e, em outubro, para avaliar a influência do armazenamento. Em cada época de avaliação foram determinados o teor de água das sementes, a germinação e a viabilidade e vigor pelo tetrazólio. Pelos resultados pode-se concluir que é possível a colheita antecipada de sementes de soja, de alta qualidade fisiológica, com teores abaixo de 22,9% de água. Resumo em inglês The harvest delay starting from the physiological maturity has negative influence in soybean seed quality, due to the exposure to unfavorable environmental conditions. Usually, farmers wait for the decrease in seed moisture levels to begin the harvest process as soon as possible. This research had the objective to analyze the influence of harvest anticipation of soybean seeds at different moisture contents on the physiological quality of seeds produced, in search of bette (mais) r seed moisture contents for earliest harvest considering seed vigor and germination. Then trials were carried out with two soybean cultivars, during 2006/2007 crop year and seeds of each cultivar were harvested at R8 stage, at different seed moisture levels, beginning the operation at 28.5% of water and ending at 14.0%. Quality evaluation was made twice: in April, in order to analyze the initial quality of the samples and, in October, to analyze the influence of storage. In each evaluation period, seed moisture content, germination and tetrazolium viability and vigor were assayed. According to the results obtained, the following conclusion can be drawn: soybean seed harvest time can start at seed moisture content below 22.9%.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

68

Percepção de risco, atitudes e práticas no uso de agrotóxicos entre agricultores de Culturama, MS/ Risk perception, attitudes and practices on pesticide use among farmers of a city in Midwestern Brazil

Recena, Maria Celina Piazza; Caldas, Eloisa Dutra
2008-04-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar a percepção de risco, práticas e atitudes no uso de agrotóxicos por agricultores. PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS: Estudo qualitativo realizado em Culturama, Mato Grosso do Sul, em fevereiro de 2005. Sete grupos focais (N=40), com cinco a sete integrantes cada, discutiram questões relacionadas a agrotóxicos, incluindo a apresentação da embalagem de um inseticida para subsidiar discussão sobre rótulos e bulas. As falas foram gravadas, transcritas e (mais) analisadas seguindo o método de análise do discurso. ANÁLISE DOS RESULTADOS: Os agricultores se mostraram cientes dos riscos de exposição direta e indireta ao utilizar agrotóxicos; muitos se mostraram preocupados com a contaminação potencial do meio ambiente. As informações que os agricultores tinham sobre agrotóxicos eram restritas principalmente à dosagem do produto, cuja principal fonte eram os revendedores. Os agricultores reclamaram do tamanho das letras e da linguagem técnica do rótulo e da bula, mas muitos souberam interpretar os pictogramas e o código de cor de toxicidade presentes neles. CONCLUSÕES: Os agricultores nem sempre transformam sua percepção de risco e suas experiências pessoais em atitudes e práticas mais seguras no uso de agrotóxicos, como o uso adequado de equipamentos de proteção individual. Eles sentem-se indefesos diante das situações de risco, principalmente devido aos fatores ambientais não controláveis e à vulnerabilidade econômica. São essenciais programas governamentais de extensão agrícola que enfatizem técnicas alternativas de manejo de pragas e práticas seguras de uso de agrotóxicos, direcionados a essa população. Resumo em inglês OBJECTIVE: To evaluate risk perception, practices and attitudes on pesticide use in a rural population. METHODOLOGICAL PROCEDURES: Qualitative study conducted in Midwestern Brazil in February 2005. Seven focal groups (N=40), comprising five to seven individuals each, discussed pesticide-related issues and included the presentation of a product container to support the discussion on labels. The discussions were tape recorded, transcribed and analyzed following the method f (mais) or discourse analysis. ANALYSIS OF RESULTS: The farmers studied were aware of the risks resulting from direct and indirect exposure to pesticides and many were concerned about potential environmental contamination. Interviewee's information on pesticides was limited to product dosage and was mostly conveyed by product retailers. They complained about the small print and technical language used in product labels but many were able to understand the pictograms and color toxicity codes. CONCLUSIONS: The farmers studied not always converted their risk perception and personal experiences into safer practices for pesticide use such as use of personal protective devices. They feel hopeless to face risky situations, mainly because of unmanageable environmental factors and their vulnerable financial condition. This community needs to be involved in targeted governmental extension programs that stress alternative pest managements and safe use of pesticides.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

69

Percepção de risco, atitudes e práticas no uso de agrotóxicos entre agricultores de Culturama, MS/ Risk perception, attitudes and practices on pesticide use among farmers of a city in Midwestern Brazil

Recena, Maria Celina Piazza; Caldas, Eloisa Dutra
2008-04-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar a percepção de risco, práticas e atitudes no uso de agrotóxicos por agricultores. PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS: Estudo qualitativo realizado em Culturama, Mato Grosso do Sul, em fevereiro de 2005. Sete grupos focais (N=40), com cinco a sete integrantes cada, discutiram questões relacionadas a agrotóxicos, incluindo a apresentação da embalagem de um inseticida para subsidiar discussão sobre rótulos e bulas. As falas foram gravadas, transcritas e (mais) analisadas seguindo o método de análise do discurso. ANÁLISE DOS RESULTADOS: Os agricultores se mostraram cientes dos riscos de exposição direta e indireta ao utilizar agrotóxicos; muitos se mostraram preocupados com a contaminação potencial do meio ambiente. As informações que os agricultores tinham sobre agrotóxicos eram restritas principalmente à dosagem do produto, cuja principal fonte eram os revendedores. Os agricultores reclamaram do tamanho das letras e da linguagem técnica do rótulo e da bula, mas muitos souberam interpretar os pictogramas e o código de cor de toxicidade presentes neles. CONCLUSÕES: Os agricultores nem sempre transformam sua percepção de risco e suas experiências pessoais em atitudes e práticas mais seguras no uso de agrotóxicos, como o uso adequado de equipamentos de proteção individual. Eles sentem-se indefesos diante das situações de risco, principalmente devido aos fatores ambientais não controláveis e à vulnerabilidade econômica. São essenciais programas governamentais de extensão agrícola que enfatizem técnicas alternativas de manejo de pragas e práticas seguras de uso de agrotóxicos, direcionados a essa população. Resumo em inglês OBJECTIVE: To evaluate risk perception, practices and attitudes on pesticide use in a rural population. METHODOLOGICAL PROCEDURES: Qualitative study conducted in Midwestern Brazil in February 2005. Seven focal groups (N=40), comprising five to seven individuals each, discussed pesticide-related issues and included the presentation of a product container to support the discussion on labels. The discussions were tape recorded, transcribed and analyzed following the method f (mais) or discourse analysis. ANALYSIS OF RESULTS: The farmers studied were aware of the risks resulting from direct and indirect exposure to pesticides and many were concerned about potential environmental contamination. Interviewee's information on pesticides was limited to product dosage and was mostly conveyed by product retailers. They complained about the small print and technical language used in product labels but many were able to understand the pictograms and color toxicity codes. CONCLUSIONS: The farmers studied not always converted their risk perception and personal experiences into safer practices for pesticide use such as use of personal protective devices. They feel hopeless to face risky situations, mainly because of unmanageable environmental factors and their vulnerable financial condition. This community needs to be involved in targeted governmental extension programs that stress alternative pest managements and safe use of pesticides.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

70

Comorbidade entre o transtorno de déficit de atenção/hiperatividade e o abuso e dependência de álcool e outras drogas: evidências por meio de modelos animais/ Comorbidity between attention deficit/hyperactivity disorder and substance use disorders: evidence from animal models

Vendruscolo, Leandro F.; Takahashi, Reinaldo N.
2010-01-01

Resumo em português OBJETIVO: Descrever algumas teorias recentes sobre a comorbidade entre o transtorno de déficit de atenção/hiperatividade e os transtornos relacionados ao abuso e dependência de álcool e outras drogas, e discutir a utilidade de um modelo animal de transtorno de déficit de atenção/ hiperatividade, os ratos espontaneamente hipertensos, para o estudo da comorbidade entre transtorno de déficit de atenção/hiperatividade e abuso e dependência de álcool e outras drog (mais) as. MÉTODO: Compilação dos principais estudos comportamentais investigando o efeito de drogas de abuso em ratos espontaneamente hipertensos. RESULTADOS E DISCUSSÃO: Os ratos espontaneamente hipertensos, além de apresentarem as principais características do transtorno de déficit de atenção/hiperatividade (impulsividade, hiperatividade e déficit de atenção), parecem ser mais sensíveis a psicoestimulantes, canabinoides e opioides e bebem grandes quantidades de álcool. Além disso, o tratamento repetido destes ratos com metilfenidato (droga psicoestimulante de escolha para o tratamento do transtorno de déficit de atenção/hiperatividade) ou a exposição continua a ambientes lúdicos durante a adolescência resultou, respectivamente, em aumento ou diminuição no consumo de álcool na idade adulta, enfatizando que fatores ambientais podem tanto favorecer como conferir resistência à comorbidade transtorno de déficit de atenção/hiperatividade e abuso e dependência de álcool e outras drogas. Apesar dos estudos estarem em fase inicial nesta área, a linhagem de ratos espontaneamente hipertensos parece ser um modelo promissor para o estudo da comorbidade frequentemente observada entre transtorno de déficit de atenção/hiperatividade e abuso e dependência de álcool e outras drogas. Resumo em inglês OBJECTIVE: To describe some recent theories regarding the comorbidity between attention deficit/hyperactivity disorder and substance use disorders and discuss the utility of using spontaneously hypertensive rats (an animal model of attention deficit/hyperactivity disorder) for the study of attention deficit/ hyperactivity disorder and substance use disorders comorbidity. METHOD: We compiled the main results of studies investigating the behavioral effects of drugs of abuse (mais) in spontaneously hypertensive rats. RESULTS AND DISCUSSION: Spontaneously hypertensive rats, in addition to expressing the main features of attention deficit/hyperactivity disorder (impulsivity, hyperactivity, and attention deficit), appear to be more sensitive to psychostimulants, cannabinoids, and opioids and drink large amounts of alcohol. Repeated treatment of spontaneously hypertensive rats with methylphenidate (a firstchoice drug for the treatment of attention deficit/hyperactivity disorder) or exposure to an enriched environment during adolescence resulted in an increase or decrease, respectively, in alcohol consumption in adulthood. These results suggest that environmental factors can either favor or confer resistance to attention deficit/hyperactivity disorder and substance use disorders comorbidity. Although research is at the very early stage in this field, SHR rats appear to be a useful animal model for the study of attention deficit/ hyperactivity disorder and substance use disorders comorbidity.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

71

Validação de metodologia analítica para determinação de mercúrio total em amostras de urina por espectrometria de absorção atômica com geração de vapor frio (CV-AAS): estudo de caso/ Validation of an analytical method for the determination of total mercury in urine samples using cold vapor atomic absorption spectrometry (CV-AAS): case study

Guilhen, Sabine Neusatz; Pires, Maria Aparecida Faustino; Dantas, Elizabeth Sonoda Keiko; Xavier, Fernanda Villibor
2010-01-01

Resumo em inglês Mercury is a toxic metal used in a variety of substances over the course history. One of its more dubious uses is in dental amalgam restorations. It is possible to measure very small concentrations of this metal in the urine of exposed subjects by the cold vapor atomic absorption technique. The present work features the validation as an essential tool to confirm the suitability of the analytical method chosen to accomplish such determination. An initial analysis will be c (mais) arried out in order to evaluate the environmental and occupational levels of exposure to mercury in 39 members of the auxiliary dental staff at public consulting rooms in the city of Araguaína (TO).

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

72

Uso do sensoriamento remoto para estudar a influência de alterações ambientais na distribuição da malária na Amazônia brasileira/ Use of remote sensing to study the influence of environmental changes on malaria distribution in the Brazilian Amazon

Vasconcelos, Cíntia Honório; Novo, Evlyn Márcia Leão de Moraes; Donalisio, Maria Rita
2006-03-01

Resumo em português A construção da hidroelétrica de Tucuruí, no sudeste do Estado do Pará, Brasil, em 1981, impôs grandes mudanças ambientais, desmatamentos e migração para a região. O objetivo deste trabalho é verificar a influência destas mudanças na ocorrência da malária no Município de Jacundá, Pará, Brasil, utilizando-se técnicas de sensoriamento remoto e sistemas de informações geográficas. Os parâmetros utilizados para a construção dos mapas foram: distância (mais) das estradas, classe agrossilvopastoril, distância de coleções hídricas (rios, igarapés e do reservatório) e da área urbana do município. Neste estudo, verificou-se o caráter epidêmico da malária a partir da construção da barragem de Tucuruí. Sugere-se que o padrão sazonal da incidência está relacionado com o período de maior estabilidade das margens do reservatório e ocorrência de áreas alagadas, além de maior exposição de trabalhadores na época de colheita na região. Foi observado que a distribuição dos casos está relacionada com as formas de uso e ocupação da terra, principalmente em áreas de maior influência das estradas, locais onde se concentra grande parte da população. Resumo em inglês Construction of the Tucuruí hydroelectric dam in Southeast Pará State, Brazil, in 1981, caused enormous environmental changes, deforestation, and human migration to the region. This study focuses on the influence of these changes and the appearance of malaria in the municipality of Jacundá, Pará, using remote sensing and geographic information systems. The variables used to construct maps were distances from roads, farming areas, rivers, the dam, streams, and the urba (mais) n area. This study confirmed the elevation of malaria to the epidemic level since the construction of the Tucuruí dam. The study suggests that a seasonal pattern of malaria incidence is associated with the flooding season and exposure of workers during harvest. Malaria cases were related to the form of land occupation, especially in more densely populated areas.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

73

Uso do sensoriamento remoto para estudar a influência de alterações ambientais na distribuição da malária na Amazônia brasileira/ Use of remote sensing to study the influence of environmental changes on malaria distribution in the Brazilian Amazon

Vasconcelos, Cíntia Honório; Novo, Evlyn Márcia Leão de Moraes; Donalisio, Maria Rita
2006-03-01

Resumo em português A construção da hidroelétrica de Tucuruí, no sudeste do Estado do Pará, Brasil, em 1981, impôs grandes mudanças ambientais, desmatamentos e migração para a região. O objetivo deste trabalho é verificar a influência destas mudanças na ocorrência da malária no Município de Jacundá, Pará, Brasil, utilizando-se técnicas de sensoriamento remoto e sistemas de informações geográficas. Os parâmetros utilizados para a construção dos mapas foram: distância (mais) das estradas, classe agrossilvopastoril, distância de coleções hídricas (rios, igarapés e do reservatório) e da área urbana do município. Neste estudo, verificou-se o caráter epidêmico da malária a partir da construção da barragem de Tucuruí. Sugere-se que o padrão sazonal da incidência está relacionado com o período de maior estabilidade das margens do reservatório e ocorrência de áreas alagadas, além de maior exposição de trabalhadores na época de colheita na região. Foi observado que a distribuição dos casos está relacionada com as formas de uso e ocupação da terra, principalmente em áreas de maior influência das estradas, locais onde se concentra grande parte da população. Resumo em inglês Construction of the Tucuruí hydroelectric dam in Southeast Pará State, Brazil, in 1981, caused enormous environmental changes, deforestation, and human migration to the region. This study focuses on the influence of these changes and the appearance of malaria in the municipality of Jacundá, Pará, using remote sensing and geographic information systems. The variables used to construct maps were distances from roads, farming areas, rivers, the dam, streams, and the urba (mais) n area. This study confirmed the elevation of malaria to the epidemic level since the construction of the Tucuruí dam. The study suggests that a seasonal pattern of malaria incidence is associated with the flooding season and exposure of workers during harvest. Malaria cases were related to the form of land occupation, especially in more densely populated areas.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

74

Trabalho rural, exposição a poeiras e sintomas respiratórios entre agricultores/ Farm work, dust exposure and respiratory symptoms among farmers

Faria, Neice Müller Xavier; Facchini, Luiz Augusto; Fassa, Anaclaudia Gastal; Tomasi, Elaine
2006-10-01

Resumo em português OBJETIVO: As condições ambientais do trabalho rural, em especial a exposição às poeiras orgânicas e minerais, têm sido associadas ao aumento de doenças respiratórias. O objetivo do estudo foi avaliar a prevalência de sintomas respiratórios entre agricultores e sua associação com fatores de risco ocupacionais. MÉTODOS: Estudo de delineamento transversal com 1.379 agricultores, de Antônio Prado e Ipê, na Serra Gaúcha, em 1996. Foram coletados dados sobre ca (mais) racterísticas sociodemográficas e produção agrícola, bem como a exposição a poeiras orgânicas e minerais. Os sintomas respiratórios foram aferidos por meio de questionário da American Thoracic Society-Division of Lung Disease modificado. Foi realizada análise de regressão logística múltipla, controlada para fatores de confusão. RESULTADOS: A maioria (52%) dos entrevistados trabalhava em atividades com exposição intensa a poeiras. Os trabalhadores de estabelecimentos com melhores indicadores econômicos referiram menor freqüência de sintomas respiratórios do que os demais agricultores. Os avicultores relataram maior prevalência de sintomas de doença respiratória crônica (OR=1,60; IC 95%: 1,05-2,42). Os agricultores com exposição intensa a poeiras apresentaram uma elevação de mais de 70% no risco de sintomas de asma (OR=1,71; IC 95%: 1,10-2,67), como também de doença respiratória crônica (OR=1,77; IC 95%: 1,25-2,50). CONCLUSÕES: Os trabalhadores rurais apresentaram grande exposição ocupacional a poeiras orgânicas e minerais. Agricultores expostos a concentrações mais elevadas, como os avicultores, tiveram maior risco de apresentar sintomas respiratórios relacionados ao trabalho. Recomenda-se a implementação de programas de proteção respiratória, principalmente para os trabalhadores envolvidos com a produção de aves. Resumo em inglês OBJECTIVE: Environmental working conditions in rural areas, notably exposure to organic and mineral dusts, have been associated with increases in respiratory diseases. The objective of this study was to evaluate the prevalence of respiratory symptoms among farmers and the associations of these with occupational risk factors. METHODS: This cross-sectional study was undertaken in 1996 with 1,379 farmers from Southern Brazil. Sociodemographic and farming-production parameter (mais) s were collected, as were levels of exposure to organic and mineral dusts. Respiratory symptoms were assessed by a modified version of American Thoracic Society-Division of Lung Disease questionnaire. Multiple logistic regression analysis was used in analyses, controlling for confounding factors. RESULTS: The majority (52%) of interviewees worked in activities with intense exposure to dust. Workers on farms with better economic indicators had a lower prevalence of respiratory symptoms. Poultry workers showed more symptoms of chronic respiratory disease (OR=1.60; 95% CI: 1.05-2.42). Farmers exposed to high concentrations of dust had more than 70% higher risk of asthma symptoms (OR=1.71; 95% CI: 1.10-2.67) and chronic respiratory disease symptoms (OR=1.77; 95% CI: 1.25-2.50). CONCLUSIONS: The rural workers studied herein were exposed to high levels of organic and mineral dusts. Those exposed to higher dust concentrations, such as poultry workers, showed an increased risk of work-related respiratory symptoms. The implementation of respiratory protection programs is recommended, emphasizing workers involved with poultry production.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

75

Trabalho rural, exposição a poeiras e sintomas respiratórios entre agricultores/ Farm work, dust exposure and respiratory symptoms among farmers

Faria, Neice Müller Xavier; Facchini, Luiz Augusto; Fassa, Anaclaudia Gastal; Tomasi, Elaine
2006-10-01

Resumo em português OBJETIVO: As condições ambientais do trabalho rural, em especial a exposição às poeiras orgânicas e minerais, têm sido associadas ao aumento de doenças respiratórias. O objetivo do estudo foi avaliar a prevalência de sintomas respiratórios entre agricultores e sua associação com fatores de risco ocupacionais. MÉTODOS: Estudo de delineamento transversal com 1.379 agricultores, de Antônio Prado e Ipê, na Serra Gaúcha, em 1996. Foram coletados dados sobre ca (mais) racterísticas sociodemográficas e produção agrícola, bem como a exposição a poeiras orgânicas e minerais. Os sintomas respiratórios foram aferidos por meio de questionário da American Thoracic Society-Division of Lung Disease modificado. Foi realizada análise de regressão logística múltipla, controlada para fatores de confusão. RESULTADOS: A maioria (52%) dos entrevistados trabalhava em atividades com exposição intensa a poeiras. Os trabalhadores de estabelecimentos com melhores indicadores econômicos referiram menor freqüência de sintomas respiratórios do que os demais agricultores. Os avicultores relataram maior prevalência de sintomas de doença respiratória crônica (OR=1,60; IC 95%: 1,05-2,42). Os agricultores com exposição intensa a poeiras apresentaram uma elevação de mais de 70% no risco de sintomas de asma (OR=1,71; IC 95%: 1,10-2,67), como também de doença respiratória crônica (OR=1,77; IC 95%: 1,25-2,50). CONCLUSÕES: Os trabalhadores rurais apresentaram grande exposição ocupacional a poeiras orgânicas e minerais. Agricultores expostos a concentrações mais elevadas, como os avicultores, tiveram maior risco de apresentar sintomas respiratórios relacionados ao trabalho. Recomenda-se a implementação de programas de proteção respiratória, principalmente para os trabalhadores envolvidos com a produção de aves. Resumo em inglês OBJECTIVE: Environmental working conditions in rural areas, notably exposure to organic and mineral dusts, have been associated with increases in respiratory diseases. The objective of this study was to evaluate the prevalence of respiratory symptoms among farmers and the associations of these with occupational risk factors. METHODS: This cross-sectional study was undertaken in 1996 with 1,379 farmers from Southern Brazil. Sociodemographic and farming-production parameter (mais) s were collected, as were levels of exposure to organic and mineral dusts. Respiratory symptoms were assessed by a modified version of American Thoracic Society-Division of Lung Disease questionnaire. Multiple logistic regression analysis was used in analyses, controlling for confounding factors. RESULTS: The majority (52%) of interviewees worked in activities with intense exposure to dust. Workers on farms with better economic indicators had a lower prevalence of respiratory symptoms. Poultry workers showed more symptoms of chronic respiratory disease (OR=1.60; 95% CI: 1.05-2.42). Farmers exposed to high concentrations of dust had more than 70% higher risk of asthma symptoms (OR=1.71; 95% CI: 1.10-2.67) and chronic respiratory disease symptoms (OR=1.77; 95% CI: 1.25-2.50). CONCLUSIONS: The rural workers studied herein were exposed to high levels of organic and mineral dusts. Those exposed to higher dust concentrations, such as poultry workers, showed an increased risk of work-related respiratory symptoms. The implementation of respiratory protection programs is recommended, emphasizing workers involved with poultry production.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

76

Tabagismo no domicílio e baixa estatura em menores de cinco anos/ Household smoking and stunting for children under five years

Gonçalves-Silva, Regina M. V.; Valente, Joaquim G.; Lemos-Santos, Márcia G. F.; Sichieri, Rosely
2005-10-01

Resumo em português O tabagismo durante a gestação é um dos responsáveis pelo menor peso e comprimento ao nascer. No entanto, a exposição à fumaça do tabaco, no período pós-natal, não tem sido explorada nos estudos de crescimento. Sabe-se que a prevalência do tabagismo é alta no nível sócio-econômico mais baixo e que a estatura de crianças está também associada com variáveis sócio-econômicas. O objetivo deste estudo foi verificar o efeito das variáveis sócio-econômic (mais) as e da exposição à fumaça do tabaco sobre o crescimento. Foram medidos e pesados os menores de cinco anos atendidos nos postos de saúde, para imunização (n = 2.037). Os pais responderam a um questionário sobre o tabagismo no domicílio e características sócio-demográficas das famílias. A prevalência da baixa estatura foi 4,3%. Verificou-se na análise bivariada associação negativa entre a estatura e o tabagismo gestacional, e associações positivas com nível sócio-econômico, renda familiar e escolaridade dos pais. A análise de regressão linear hierarquizada mostrou que o tabagismo dos pais permaneceu associado com a baixa estatura mesmo após ajuste para tabagismo durante a gravidez e para variáveis sócio-demográficas. Resumo em inglês Maternal tobacco use during pregnancy is one of the most important factors for low birth weight and length. However, postnatal exposure to environmental tobacco smoke has not been explored in children's growth studies. It is known that smoking is more prevalent in low socioeconomic groups and that stunting is also associated with socioeconomic variables. The objective of this study was to verify the effect of socioeconomic variables and environmental tobacco smoke on grow (mais) th. Children under five years (n = 2,037) attending a primary health care clinic had their weight and stature measured, and a questionnaire on exposure to household passive smoking and socio-demographic characteristics was applied to parents. Prevalence of stunting (defined as a z-score lower than -2) was 4.3%. There was a negative association between stature and smoking during pregnancy, and positive associations with socioeconomic levels, family income, and parents' education. Linear hierarchical regression analysis showed that maternal and paternal smoking remains associated with low stature even after adjusting for maternal smoking during pregnancy and for socio-demographic variables.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

77

Tabagismo no domicílio e baixa estatura em menores de cinco anos/ Household smoking and stunting for children under five years

Gonçalves-Silva, Regina M. V.; Valente, Joaquim G.; Lemos-Santos, Márcia G. F.; Sichieri, Rosely
2005-10-01

Resumo em português O tabagismo durante a gestação é um dos responsáveis pelo menor peso e comprimento ao nascer. No entanto, a exposição à fumaça do tabaco, no período pós-natal, não tem sido explorada nos estudos de crescimento. Sabe-se que a prevalência do tabagismo é alta no nível sócio-econômico mais baixo e que a estatura de crianças está também associada com variáveis sócio-econômicas. O objetivo deste estudo foi verificar o efeito das variáveis sócio-econômic (mais) as e da exposição à fumaça do tabaco sobre o crescimento. Foram medidos e pesados os menores de cinco anos atendidos nos postos de saúde, para imunização (n = 2.037). Os pais responderam a um questionário sobre o tabagismo no domicílio e características sócio-demográficas das famílias. A prevalência da baixa estatura foi 4,3%. Verificou-se na análise bivariada associação negativa entre a estatura e o tabagismo gestacional, e associações positivas com nível sócio-econômico, renda familiar e escolaridade dos pais. A análise de regressão linear hierarquizada mostrou que o tabagismo dos pais permaneceu associado com a baixa estatura mesmo após ajuste para tabagismo durante a gravidez e para variáveis sócio-demográficas. Resumo em inglês Maternal tobacco use during pregnancy is one of the most important factors for low birth weight and length. However, postnatal exposure to environmental tobacco smoke has not been explored in children's growth studies. It is known that smoking is more prevalent in low socioeconomic groups and that stunting is also associated with socioeconomic variables. The objective of this study was to verify the effect of socioeconomic variables and environmental tobacco smoke on grow (mais) th. Children under five years (n = 2,037) attending a primary health care clinic had their weight and stature measured, and a questionnaire on exposure to household passive smoking and socio-demographic characteristics was applied to parents. Prevalence of stunting (defined as a z-score lower than -2) was 4.3%. There was a negative association between stature and smoking during pregnancy, and positive associations with socioeconomic levels, family income, and parents' education. Linear hierarchical regression analysis showed that maternal and paternal smoking remains associated with low stature even after adjusting for maternal smoking during pregnancy and for socio-demographic variables.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

78

Sobrepeso em adolescentes de 14 a 19 anos em um município da região Sul do Brasil/ Overweight in adolescents aged 14 to 19 years old in a Southern Brazilian city

Costa, Marcia Cristina Dalla; Cordoni Junior, Luiz; Matsuo, Tiemi
2007-09-01

Resumo em português OBJETIVOS: identificar a freqüência de sobrepeso em adolescentes, bem como os fatores ambientais, biológicos e socioeconômicos associados, no município de Toledo, Paraná. MÉTODOS: estudo transversal desenvolvido com adolescentes matriculados no ensino médio, de 14 a 19 anos, do período diurno da área urbana do município. Adotou-se o índice de massa corporal/idade para diagnosticar exposição ao risco de sobrepeso. Utilizou-se um questionário pré-testado par (mais) a levantamento dos dados pessoais, antropométricos, biológicos e hábitos, como: usar TV, vídeo e computador, praticar esportes e freqüência das refeições. Para a situação socioeconômica, foi utilizado o critério de Classificação Econômica Brasil da Associação Nacional de Empresas de Pesquisa. RESULTADOS: dos adolescentes, 3,8% apresentaram baixo peso e 10,2% sobrepeso. Associação estatisticamente significativa foi encontrada para a freqüência de sobrepeso entre os adolescentes que realizavam quatro ou mais refeições/dia (5,5%) e entre aqueles que realizavam até três refeições/dia (16,3%). Ao estratificar o sobrepeso por classes econômicas, as freqüências mostram uma tendência de decréscimo de sobrepeso com a queda da classe econômica. CONCLUSÕES: a prevalência de sobrepeso é superior à de baixo peso, o qual se encontra abaixo dos índices identificados em outros municípios brasileiros. Menor número de refeições e classes econômicas mais elevadas apresentaram associação com o sobrepeso. Resumo em inglês OBJECTIVES: to identify overweight incidence in adolescents as well as associated environmental, biological, social and economic factors in the municipality of Toledo, Paraná. METHODS: a cross sectional study was performed with adolescents enrolled in middle school aged 14 to 19 years old, in day classes of the urban area in the municipality. Body mass/age rates were used to diagnose the risk of overweight exposure. A pretested questionnaire was used to survey personal, (mais) anthropometric, biologic and life style related data such as: the use of TV, video and computer, practicing of sports and number of meals. To establish social and economic status the criterion used was that of the Economic Classification of Brazil from the National Survey Companies Association. RESULTS: 3.8% of the adolescents were underweight and 10.2% were overweight. A statistically significant association was determined for the incidence of overweight among adolescents who had four or more meals per day (5.5%) and among the ones who had up to three meals a day (16.3%). When stratifying overweight by classes of income, the overweight incidence rate had a tendency of decreasing as the economic class decreased. CONCLUSIONS: overweight prevalence is higher than underweight; the last is below the rates determined in other Brazilian municipalities. Less frequency of meals and higher income classes were associated to overweight.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

79

Resíduos de agrotóxicos em alimentos: uma preocupação ambiental global - Um enfoque às maçãs/ Residues of pesticides in food: a global environmental preoccupation - Focussing on apples

Jardim, Isabel Cristina Sales Fontes; Andrade, Juliano de Almeida; Queiroz, Sonia Claudia do Nascimento de
2009-01-01

Resumo em inglês This paper describes the use of pesticides in agriculture. Research has shown that significant quantities of pesticide residues have been found in many types of foods. Thus, an overview is given of pesticide residue determinations in fruits and vegetables, with special attention to apples. The toxicity and the adverse effects possibly caused by the exposure of these compounds are alerting the scientific community to develop studies about the validation of analytical metho (mais) ds for multiresidue pesticide determination in these samples. This review shows that pesticide-residue determination in apples is becoming a very important and challenging issue.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

80

Interferentes endócrinos no ambiente/ Endocrine disruptors in the enviroment

Ghiselli, Gislaine; Jardim, Wilson F.
2007-06-01

Resumo em inglês Although the hypothesis that environmental chemicals may exhibit endocrine disrupting effects is not new, the issue has been a growing level of concern due to reports of increased incidences of endocrine-related disease in humans, including declining male fertility, and more significantly, to adverse physiological effects observed in wildlife where cause and effect relationships are more evident. The list of endocrine disrupting chemicals (EDCs) includes a range of anthro (mais) pogenic compounds, phytoestrogens, naturally occurring sex steroids and synthetic estrogens. Within the aquatic environment, the presence of EDCs has concerned many scientists and water quality regulators. Discharge of effluents from treatment facilities is likely to be a significant source of input of contaminants to many systems, and the potential for concentration of hydrophilic compounds and transformation products within sludges has implications for their disposal. Then, understanding the processes and the fate of EDCs on the environment, as well as the mechanisms of endocrine disruption, may facilitate controlling or limiting exposure of both humans and the environment to these compounds.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

81

Inter-relacionamento de dados ambientais e de saúde: análise de risco à saúde aplicada ao abastecimento de água no Rio de Janeiro utilizando Sistemas de Informações Geográficas/ Linkage of environmental and health data: health risk analysis of the Rio de Janeiro water supply using Geographical Information Systems

Barcellos, Christovam; Coutinho, Kátia; Pina, Maria de Fátima; Magalhães, Mônica M. A. F.; Paola, Júlio C. M. D.; Santos, Simone M.
1998-07-01

Resumo em português O inter-relacionamento de dados ambientais e sanitários, necessário na avaliação da exposição de grupos populacionais a fatores de risco, é dificultado pela defasagem no tempo e espaço destes conjuntos de dados. Neste trabalho utilizaram-se como bases de dados georreferenciadas: os setores censitários, que contêm informações sobre a forma com que são abastecidos os domicílios; a rede de abastecimento de água, seus principais mananciais e reservatórios; a q (mais) ualidade da água, segundo programa de monitoramento. Mediante operações espaciais entre estas camadas, foram localizados e quantificados grupos populacionais submetidos a risco, de acordo com diferentes critérios. Grande parte dos riscos associados ao abastecimento de água encontram-se localizados na encosta norte do Maciço da Tijuca, e na Zona Oeste, onde a população procura formas alternativas de abastecimento. Em razão das diferentes origens, objetivos e estruturas dos dados, os Sistemas de Informações Geográficas (SIG) podem ser utilizados como instrumento de organização, de validação destes dados e de verificação de possíveis inconsistências. Resumo em inglês Exposure assessment of population groups is based on linkage of environmental and health data. This relationship can be hard to establish due to spatial and temporal lags in data sets. GIS can be used as a basis for organizing health-related and environmental data sets. We examined potential health risk in the Rio de Janeiro city water supply based on the overlay of information layers containing data on the presence and quality of water supply services. We used census tra (mais) cts as the primary georeferenced data, since they contain information on how households are supplied, water supply pipes, sources, and reservoirs, and water quality according to the monitoring program. Population groups exposed to risks were located and quantified using spatial operations among these layers and adopting different risk criteria. The main problems related to water supply are located on the northern slope of the Tijuca Mountain Range and in the western area of the city of Rio, where the population relies on alternative water supply sources. The different origins, objectives, and structures of data have to be analyzed critically, and GIS can be used as a data validation tool as well as an instrument for detailed identification of inconsistencies.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

82

Inter-relacionamento de dados ambientais e de saúde: análise de risco à saúde aplicada ao abastecimento de água no Rio de Janeiro utilizando Sistemas de Informações Geográficas/ Linkage of environmental and health data: health risk analysis of the Rio de Janeiro water supply using Geographical Information Systems

Barcellos, Christovam; Coutinho, Kátia; Pina, Maria de Fátima; Magalhães, Mônica M. A. F.; Paola, Júlio C. M. D.; Santos, Simone M.
1998-07-01

Resumo em português O inter-relacionamento de dados ambientais e sanitários, necessário na avaliação da exposição de grupos populacionais a fatores de risco, é dificultado pela defasagem no tempo e espaço destes conjuntos de dados. Neste trabalho utilizaram-se como bases de dados georreferenciadas: os setores censitários, que contêm informações sobre a forma com que são abastecidos os domicílios; a rede de abastecimento de água, seus principais mananciais e reservatórios; a q (mais) ualidade da água, segundo programa de monitoramento. Mediante operações espaciais entre estas camadas, foram localizados e quantificados grupos populacionais submetidos a risco, de acordo com diferentes critérios. Grande parte dos riscos associados ao abastecimento de água encontram-se localizados na encosta norte do Maciço da Tijuca, e na Zona Oeste, onde a população procura formas alternativas de abastecimento. Em razão das diferentes origens, objetivos e estruturas dos dados, os Sistemas de Informações Geográficas (SIG) podem ser utilizados como instrumento de organização, de validação destes dados e de verificação de possíveis inconsistências. Resumo em inglês Exposure assessment of population groups is based on linkage of environmental and health data. This relationship can be hard to establish due to spatial and temporal lags in data sets. GIS can be used as a basis for organizing health-related and environmental data sets. We examined potential health risk in the Rio de Janeiro city water supply based on the overlay of information layers containing data on the presence and quality of water supply services. We used census tra (mais) cts as the primary georeferenced data, since they contain information on how households are supplied, water supply pipes, sources, and reservoirs, and water quality according to the monitoring program. Population groups exposed to risks were located and quantified using spatial operations among these layers and adopting different risk criteria. The main problems related to water supply are located on the northern slope of the Tijuca Mountain Range and in the western area of the city of Rio, where the population relies on alternative water supply sources. The different origins, objectives, and structures of data have to be analyzed critically, and GIS can be used as a data validation tool as well as an instrument for detailed identification of inconsistencies.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

83

Incômodo causado pelo ruído urbano à população de Curitiba, PR/ Annoyance caused by urban noise to the citizens of Curitiba, Brazil

Zannin, Paulo Henrique Trombetta; Calixto, Alfredo; Diniz, Fabiano Belisário; Ferreira, José Augusto; Schuhli, Rafael Bregenski
2002-08-01

Resumo em português Descreve-se a reação da população de Curitiba, PR -- cidade com aproximadamente 1,6 milhões de habitantes --, ao ruído ambiental . Os dados foram coletados por meio de questionários distribuídos aleatoriamente a moradores da cidade. Dos 1.000 questionários distribuídos, 860 (86%) foram avaliados. As principais fontes de ruído causadoras de incômodo identificadas foram o tráfego de veículos (73%) e os vizinhos (38%), sendo que estes foram classificados como a (mais) principal fonte de desconforto. Todos os respondentes apontaram pelo menos um dos seguintes itens como geradores de ruído: vizinhos, animais, sirenes, construção civil, templos religiosos, casas noturnas, brinquedos e aparelhos domésticos. As principais reações ao ruído foram: irritabilidade (58%), baixa concentração (42%), insônia (20%) e dores de cabeça (20%). Resumo em inglês The study describes people's reaction to environmental noise in Curitiba, a city of approximately 1.6 million inhabitants in Brazil. Data was collected using questionnaires randomly delivered to the city's residents. Out of 1,000 questionnaires, 860 (86%) were returned and assessed. The main noise sources found as disturbing were motor vehicle traffic (73%) and neighbors (38%), which were rated as producing the most disturbing noise. All respondents pointed out at least o (mais) ne of the following as noise sources: neighbors, animals, sirens, civil construction, religious worship temples, nightclubs, toys, and domestic electric appliances. The main reactions to noise exposure were: irritability (58%), difficulty to concentrate (42%), sleeping disorders (20%), and headaches (20%).

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

84

Incômodo causado pelo ruído urbano à população de Curitiba, PR/ Annoyance caused by urban noise to the citizens of Curitiba, Brazil

Zannin, Paulo Henrique Trombetta; Calixto, Alfredo; Diniz, Fabiano Belisário; Ferreira, José Augusto; Schuhli, Rafael Bregenski
2002-08-01

Resumo em português Descreve-se a reação da população de Curitiba, PR -- cidade com aproximadamente 1,6 milhões de habitantes --, ao ruído ambiental . Os dados foram coletados por meio de questionários distribuídos aleatoriamente a moradores da cidade. Dos 1.000 questionários distribuídos, 860 (86%) foram avaliados. As principais fontes de ruído causadoras de incômodo identificadas foram o tráfego de veículos (73%) e os vizinhos (38%), sendo que estes foram classificados como a (mais) principal fonte de desconforto. Todos os respondentes apontaram pelo menos um dos seguintes itens como geradores de ruído: vizinhos, animais, sirenes, construção civil, templos religiosos, casas noturnas, brinquedos e aparelhos domésticos. As principais reações ao ruído foram: irritabilidade (58%), baixa concentração (42%), insônia (20%) e dores de cabeça (20%). Resumo em inglês The study describes people's reaction to environmental noise in Curitiba, a city of approximately 1.6 million inhabitants in Brazil. Data was collected using questionnaires randomly delivered to the city's residents. Out of 1,000 questionnaires, 860 (86%) were returned and assessed. The main noise sources found as disturbing were motor vehicle traffic (73%) and neighbors (38%), which were rated as producing the most disturbing noise. All respondents pointed out at least o (mais) ne of the following as noise sources: neighbors, animals, sirens, civil construction, religious worship temples, nightclubs, toys, and domestic electric appliances. The main reactions to noise exposure were: irritability (58%), difficulty to concentrate (42%), sleeping disorders (20%), and headaches (20%).

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

85

Importância da monitorização do delirium na unidade de terapia intensiva/ The importance of delirium monitoring in the intensive care unit

Pitrowsky, Melissa Tassano; Shinotsuka, Cássia Righy; Soares, Marcio; Lima, Marco Antonio Sales Dantas; Salluh, Jorge Ibrain Figueira
2010-09-01

Resumo em português O delirium é um estado confusional agudo associado a maior mortalidade na unidade de terapia intensiva e comprometimento da recuperação funcional em longo prazo. Apesar de sua elevada incidência e relevante impacto nos desfechos de pacientes criticamente enfermos, o delirium continua sendo sub-diagnosticado. Atualmente existem instrumentos validados para diagnosticar e monitorar o delirium, permitindo a detecção precoce dessa disfunção orgânica e início precoce (mais) do tratamento. Além dos fatores de risco não modificáveis do paciente, existem aspectos clínicos e ambientais modificáveis que devem ser avaliados para reduzir a ocorrência e gravidade do delirium. Conforme demonstrado por estudos recentes, intervenções para reduzir a exposição a sedatição excessiva e melhorar a orientação do paciente podem estar associadas a redução da incidência de delirium. Baixa incidência de delirium deve ser almejada e considerada como uma medida da qualidade nas unidades de terapia intensiva. Resumo em inglês Delirium is an acute confusional state associated with increased mortality in the intensive care unit and long-term impaired functional recovery. Despite its elevated incidence and major impact in the outcomes of critically ill patients, delirium remains under-diagnosed. Presently, there are validated instruments to diagnose and monitor delirium, allowing the detection of early organ dysfunction and treatment initiation. Beyond patient's non-modifiable risk factors, there (mais) are modifiable clinical and environmental aspects that should be accessed to reduce the occurrence and severity of delirium. As recent studies demonstrate that interventions aiming to reduce sedative exposure and to improve patients' orientation associated with early mobility have proved to reduce delirium, a low incidence of delirium should be targeted and considered as a measure of quality of care in the intensive care unit (ICU).

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

86

Fatores de risco ambientais para o câncer gástrico: a visão do toxicologista/ Environmental risk factors for gastric cancer: the toxicologist's standpoint

Gomes-Carneiro, Maria Regina; Ribeiro-Pinto, Luís Felipe; Paumgartten, Francisco José Roma
1997-01-01

Resumo em português A carcinogênese é um processo altamente complexo do qual participam fatores de risco herdados e fatores de risco ambientais, tais como a alimentação, o hábito de fumar, a ocupação, e a exposição a radiação e a agentes químicos. A toxicologia experimental identifica as substâncias químicas potencialmente carcinogênicas e torna possível medidas regulatórias que objetivam reduzir a exposição humana a elas. A carcinogênese pode ser vista como consistindo d (mais) e três seqüências distintas: a iniciação, a promoção e a progressão. A conversão neoplásica (iniciação) ocorre quando um evento genético (mutações, rearranjos cromossômicos, inserções ou deleções de genes e amplificação de genes) resulta em ativação de oncogenes e/ou em falta de expressão - ou inativação de produtos - de genes supressores de tumores. A promoção envolve a expansão clonal das células "iniciadas" e exige a proliferação celular. Estratégias efetivas para reduzir os riscos de câncer gástrico e os riscos de neoplasias de outras localizações devem incluir o controle de carcinógenos conhecidos, assim como a quimioprevenção, por meio de intervenções racionais no processo carcinogênico. Neste sentido, o desafio a ser enfrentado pelo toxicologista envolve o desenvolvimento de ensaios preditivos melhores e mais baratos e a elucidação dos mecanismos subjacentes à carcinogênese química. Resumo em inglês Carcinogenesis is a highly complex process involving both inherited risk factors and environmental ones such as diet, smoking, occupation, and exposure to radiation and chemical agents. Experimental toxicology identifies potentially carcinogenic chemicals and thus makes it possible to introduce regulatory measures aimed at reducing human exposure to them. Carcinogenesis can be viewed as consisting of three distinct sequences: initiation, promotion, and progression. Neopla (mais) stic conversion (initiation) occurs when a genetic event (e.g., point mutations, chromosomal rearrangements, insertion or deletion of genes, and gene amplification) results in oncogene activation and/or lack of expression - or inactivation of products - of tumor suppressor genes. Promotion involves clonal expansion of initiated cells and requires cell proliferation. Effective strategies for reducing risk of gastric cancer or neoplasias at other sites should include both control of known carcinogens and chemical prevention through rational interventions in the carcinogenic process. The toxicologist's challenge is thus to devise better and less expensive predictive assays and to elucidate the mechanisms underlying chemical carcinogenesis.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

87

Fatores de risco ambientais para o câncer gástrico: a visão do toxicologista/ Environmental risk factors for gastric cancer: the toxicologist's standpoint

Gomes-Carneiro, Maria Regina; Ribeiro-Pinto, Luís Felipe; Paumgartten, Francisco José Roma
1997-01-01

Resumo em português A carcinogênese é um processo altamente complexo do qual participam fatores de risco herdados e fatores de risco ambientais, tais como a alimentação, o hábito de fumar, a ocupação, e a exposição a radiação e a agentes químicos. A toxicologia experimental identifica as substâncias químicas potencialmente carcinogênicas e torna possível medidas regulatórias que objetivam reduzir a exposição humana a elas. A carcinogênese pode ser vista como consistindo d (mais) e três seqüências distintas: a iniciação, a promoção e a progressão. A conversão neoplásica (iniciação) ocorre quando um evento genético (mutações, rearranjos cromossômicos, inserções ou deleções de genes e amplificação de genes) resulta em ativação de oncogenes e/ou em falta de expressão - ou inativação de produtos - de genes supressores de tumores. A promoção envolve a expansão clonal das células "iniciadas" e exige a proliferação celular. Estratégias efetivas para reduzir os riscos de câncer gástrico e os riscos de neoplasias de outras localizações devem incluir o controle de carcinógenos conhecidos, assim como a quimioprevenção, por meio de intervenções racionais no processo carcinogênico. Neste sentido, o desafio a ser enfrentado pelo toxicologista envolve o desenvolvimento de ensaios preditivos melhores e mais baratos e a elucidação dos mecanismos subjacentes à carcinogênese química. Resumo em inglês Carcinogenesis is a highly complex process involving both inherited risk factors and environmental ones such as diet, smoking, occupation, and exposure to radiation and chemical agents. Experimental toxicology identifies potentially carcinogenic chemicals and thus makes it possible to introduce regulatory measures aimed at reducing human exposure to them. Carcinogenesis can be viewed as consisting of three distinct sequences: initiation, promotion, and progression. Neopla (mais) stic conversion (initiation) occurs when a genetic event (e.g., point mutations, chromosomal rearrangements, insertion or deletion of genes, and gene amplification) results in oncogene activation and/or lack of expression - or inactivation of products - of tumor suppressor genes. Promotion involves clonal expansion of initiated cells and requires cell proliferation. Effective strategies for reducing risk of gastric cancer or neoplasias at other sites should include both control of known carcinogens and chemical prevention through rational interventions in the carcinogenic process. The toxicologist's challenge is thus to devise better and less expensive predictive assays and to elucidate the mechanisms underlying chemical carcinogenesis.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

88

Estudos de expressão gênica utilizando-se microarrays: delineamento, análise, e aplicações na pesquisa zootécnica/ Microarray gene expression studies: experimental design, statistical data analysis, and applications in livestock research

Rosa, Guilherme Jordão de Magalhães; Rocha, Leonardo Bernardes da; Furlan, Luiz Roberto
2007-07-01

Resumo em português A tecnologia de microarrays, ou microarranjos de DNA, possibilita a avaliação simultânea da expressão de milhares de genes em diferentes tecidos em determinado organismo, em diferentes estágios de desenvolvimento ou condições ambientais. Microarrays são bastante utilizados em experimentos de genômica funcional com diversas espécies animais e vegetais, e têm sido gradativamente incorporados em diferentes áreas da pesquisa zootécnica, como crescimento e metabol (mais) ismo, resposta imune a doenças, reprodução e resposta a fatores de estresse não-infecciosos (restrição alimentar, exposição a elementos tóxicos e outras condições ambientais desfavoráveis), bem como melhoramento genético animal. Tais experimentos, entretanto, são ainda consideravelmente caros, como consequência, geralmente são conduzidos com tamanhos amostrais relativamente pequenos. Por outro lado, a realização dos experimentos com microarrays, desde a coleta das amostras, até a obtenção das imagens para análise, envolve uma série de procedimentos laboratoriais de alta complexidade, que frequentemente introduzem variações adicionais aos resultados obtidos. Desta maneira, a condução de ensaios com microarrays requer cuidadoso delineamento experimental e análise estatística dos dados. Nesta apresentação são discutidos princípios básicos do planejamento de ensaios com microarrays, bem como as ferramentas estatísticas e computacionais mais comuns para a análise dos mesmos. São também discutidos alguns exemplos de aplicação de experimentos com microarrays em zootecnia e, numa última seção, são traçadas algumas considerações finais envolvendo os tópicos gerais abordados. Resumo em inglês Microarray technology allows monitoring thousands of genes simultaneously in a specific tissue of an organism, in different developmental stages or environmental conditions. Microarrays are very common in functional genomics experiments with both animals and plant species, and they have been increasingly used also in different areas of livestock research, such as growth and metabolism, reproduction, immune response to diseases and parasites, response to non-infectious str (mais) ess factors (such as dietary restriction, exposure to toxic elements and other unfavorable environmental conditions) as well as animal breeding. Such experiments, however, are still considerably expensive and time consuming and, consequently, they are performed with relatively small sample sizes. Nonetheless, microarray experiments are extremely complex, as they involve a number of laboratorial procedures such as sample collection, RNA extraction, reverse transcription and labeling, and the final hybridization. Hence, microarray assays require careful experimental planning and statistical data analysis. In this manuscript, basic principles of experimental design for microarray studies are reviewed, as well as the most common statistical and computational tools used for their analysis. In addition, some examples of application of microarray technology in animal science are discussed, and some concluding remarks are presented afterward.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

89

Em busca das origens desenvolvimentais dos transtornos mentais/ Searching for the developmental origins of mental disorders

Polanczyk, Guilherme V.
2009-01-01

Resumo em português INTRODUÇÃO: A psicopatologia desenvolvimental é uma disciplina que integra perspectivas epidemiológicas, sociais, genéticas, desenvolvimentais e de psicopatologia para entender as origens e o curso dos transtornos mentais. Neste artigo, são discutidos abordagens e conceitos utilizados para compreender as origens desenvolvimentais dos transtornos mentais. RESULTADOS: A psicopatologia desenvolvimental entende que os transtornos mentais são possíveis desfechos do pro (mais) cesso de desenvolvimento e são dependentes de influências sociais, genéticas e ambientais. Esses diversos fatores estão inter-relacionados de diferentes formas e em diferentes níveis, exercendo um efeito dimensional. São discutidos: a) abordagens para determinar causalidade entre eventos ambientais e transtornos mentais; b) a importância de entendimento dos mecanismos biológicos através dos quais fatores ambientais e genéticos atuam; c) fatores genéticos predizendo a exposição a estressores ambientais; e d) fatores genéticos moderando o efeito de estressores ambientais. CONCLUSÕES: As origens dos transtornos mentais podem ser iluminadas por dados de estudos que utilizam enfoques e conceitos complementares e que integrem influências sociais, genéticas, ambientais e desenvolvimentais. Resumo em inglês INTRODUCTION: Developmental psychopathology is a discipline that integrates epidemiological, social, genetic, developmental, and psychopathological perspectives to understand the origins and courses of mental disorders. In the present paper, theoretical concepts and approaches applied with the purpose of understanding the developmental origins of mental disorders are discussed. RESULTS: According to developmental psychopathology, mental disorders are possible outcomes of (mais) the developmental process that depend upon social, genetic, and environmental influences. These factors are linked in different ways and levels, exerting a dimensional effect. The following factors are addressed: a) approaches to determine a causal effect between environmental factors and mental disorders; b) the importance of understanding biological mechanisms by which environmental and genetic factors exert their effect; c) genetic factors predicting the exposure to environmental stressors; d) genetic factors moderating the effect of environmental stressors. CONCLUSIONS: The origins of mental disorders can be clarified by data from studies that use complementary approaches and concepts, integrating social, genetic, environmental and developmental influences.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

90

Ecoepidemiologia da esquistossomose urbana na ilha de Itamaracá, Estado de Pernambuco/ Ecoepidemiology of urban schistosomiasis in Itamaracá Island, Pernambuco, Brazil

Barbosa, Constança Simões; Pieri, Otávio Sarmento; Silva, Carlos Bernardo da; Frederico Simões, Barbosa
2000-08-01

Resumo em português INTRODUÇÃO: Em 1988, 22 casos autóctones de esquistossomose foram registrados na Praia do Forte Orange, ilha de Itamaracá, Pernambuco. Todos os casos ocorreram em indivíduos de classe média/alta que veraneavam na ilha. Foi realizado estudo com o objetivo de identificar e caracterizar criadouros/focos de vetores da esquistossomose na localidade, correlacionando os determinantes biológicos da doença com o contexto ambiental da sua ocorrência. MÉTODOS: Foram levant (mais) ados dados secundários para resgatar as características ambientais da área antes da ocupação humana. O inquérito malacológico teve a duração de um ano com mapeamento da área, coleta mensal e exame dos moluscos. RESULTADOS/CONCLUSÕES: Em 1 km de extensão da praia, foram identificados 20 criadouros e demarcadas 28 estações de coleta. Os resultados mostram a variação mensal da densidade populacional de moluscos e das taxas de infecção, correlacionados com sazonalidade e tipos de criadouros. Destaca-se a importância desse novo perfil epidemiológico da esquistossomose em Pernambuco, relacionando o modo de ocupação daquele espaço com o estabelecimento de sítios de transmissão ativa da esquistossomose. Resumo em inglês INTRODUCTION: In 1988, 22 autochthonous cases from accidental exposure were registered in Forte Orange beach, Itamaracá Island, Pernambuco, Brazil. All cases occurred in middle-to-upper class individuals who were vacationing in the island. After the cases were identified, the major objective was to find breading sites of schistosomiasis vectors and correlate the biological factors with the environmental conditions. METHODS: The environmental characteristics of the beach (mais) before human occupation were obtained from several documents. Also, a one-year malacological survey was conducted with monthly collection of mollusks, and the determination of their infectivity rates. RESULTS/CONCLUSIONS: The malacological survey was able to identify 20 breading sites of Biomphalaria glabrata and 28 capture station were set up. Snails were collected and examined each month throughout a whole year. The results show a seasonal variation in the mollusk population density associated with infection rates and types of breading sites. The importance of this new epidemiological profile of schistosomiasis in the State of Pernambuco relies on the fact that it can be related with the drastic human interference on the environment. Ecological, environmental, and demographic factors as well as the epidemiological characteristics of the disease have social and economic repercussions.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

91

Ecoepidemiologia da esquistossomose urbana na ilha de Itamaracá, Estado de Pernambuco/ Ecoepidemiology of urban schistosomiasis in Itamaracá Island, Pernambuco, Brazil

Barbosa, Constança Simões; Pieri, Otávio Sarmento; Silva, Carlos Bernardo da; Frederico Simões, Barbosa
2000-08-01

Resumo em português INTRODUÇÃO: Em 1988, 22 casos autóctones de esquistossomose foram registrados na Praia do Forte Orange, ilha de Itamaracá, Pernambuco. Todos os casos ocorreram em indivíduos de classe média/alta que veraneavam na ilha. Foi realizado estudo com o objetivo de identificar e caracterizar criadouros/focos de vetores da esquistossomose na localidade, correlacionando os determinantes biológicos da doença com o contexto ambiental da sua ocorrência. MÉTODOS: Foram levant (mais) ados dados secundários para resgatar as características ambientais da área antes da ocupação humana. O inquérito malacológico teve a duração de um ano com mapeamento da área, coleta mensal e exame dos moluscos. RESULTADOS/CONCLUSÕES: Em 1 km de extensão da praia, foram identificados 20 criadouros e demarcadas 28 estações de coleta. Os resultados mostram a variação mensal da densidade populacional de moluscos e das taxas de infecção, correlacionados com sazonalidade e tipos de criadouros. Destaca-se a importância desse novo perfil epidemiológico da esquistossomose em Pernambuco, relacionando o modo de ocupação daquele espaço com o estabelecimento de sítios de transmissão ativa da esquistossomose. Resumo em inglês INTRODUCTION: In 1988, 22 autochthonous cases from accidental exposure were registered in Forte Orange beach, Itamaracá Island, Pernambuco, Brazil. All cases occurred in middle-to-upper class individuals who were vacationing in the island. After the cases were identified, the major objective was to find breading sites of schistosomiasis vectors and correlate the biological factors with the environmental conditions. METHODS: The environmental characteristics of the beach (mais) before human occupation were obtained from several documents. Also, a one-year malacological survey was conducted with monthly collection of mollusks, and the determination of their infectivity rates. RESULTS/CONCLUSIONS: The malacological survey was able to identify 20 breading sites of Biomphalaria glabrata and 28 capture station were set up. Snails were collected and examined each month throughout a whole year. The results show a seasonal variation in the mollusk population density associated with infection rates and types of breading sites. The importance of this new epidemiological profile of schistosomiasis in the State of Pernambuco relies on the fact that it can be related with the drastic human interference on the environment. Ecological, environmental, and demographic factors as well as the epidemiological characteristics of the disease have social and economic repercussions.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

92

Dose de exposição radiométrica e composição das rochas sedimentares e ígneas na bacia do Rio Corumbataí (SP)

Conceição, Fabiano Tomazini da; Bonotto, Daniel Marcos
2006-03-01

Resumo em português Este trabalho avaliou a atividade dos radionuclídeos em rochas sedimentares e ígneas da bacia do Rio Corumbataí, estado de São Paulo, e, conseqüentemente, a taxa de exposição. Esta bacia possui uma grande área com cultura de cana-de-açúcar, onde há intensa aplicação de fertilizantes fosfatados e também abriga o mais importante pólo cerâmico da América do Sul (Pólo Cerâmico de Santa Gertrudes). A caracterização química das amostras mostrou uma concent (mais) ração de Ca > Mg > K > Na, sendo essa relação devido à composição mineralógica de cada formação. A média ponderada da taxa de exposição (35 nGyh-1) para as formações estudadas representa apenas 64% da média mundial devido à radiação gama terrestre, sendo que a porção sudeste da área exibe a mais alta taxa de exposição. Os resultados obtidos podem ser utilizados em estudos ambientais envolvendo a bacia do Rio Corumbataí, inclusive aqueles sobre o uso do solo. Resumo em inglês This work evaluated the activity concentration of radionuclides on sedimentary and igneous rocks at Corumbataí river basin, São Paulo State, and, consequently, the exposure rate. This basin possess a large sugar cane crops area, where occurs the application of phosphate fertilizers, and where is located the most important ceramic center of South America (Santa Gertrudes Ceramic Center). The chemical characterization of the samples indicated that Ca > Mg > K > Na, which (mais) is related to the mineralogy of each formation. The weighted mean exposure rate (35 nGyh-1) to the studied formations represent just 64% of the world average due to terrestrial gamma radiation, occurring the highest exposure rate at the south-east portion of the area. The data obtained can be utilized in environmental studies involving the basin, including those related to the land use.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

93

Concentrações de hemoglobina e ferritina sérica em escolares da rede pública municipal de Teresina, Piauí, Nordeste do Brasil/ Hemoglobin and serum ferritin concentrations in public school children from Teresina, in the State of Piauí, in Northeast Brazil

Santos, Marize Melo dos; Diniz, Alcides da Silva; Nogueira, Nadir do Nascimento
2008-12-01

Resumo em português OBJETIVOS: avaliar o estado nutricional de ferro em escolares de instituições públicas de ensino de Teresina, Piauí, Brasil. MÉTODOS: corte transversal, envolvendo amostra aleatória, selecionada em duas etapas, de 747 escolares (7-11 anos), de ambos os sexos, no período de agosto / setembro de 2000. A anemia foi rastreada em 747 escolares e para o diagnóstico adotou-se a concentração de hemoglobina (Hb) (mais) m 207 escolares, mediante análise das concentrações de ferritina sérica (FerS), considerando-se baixas reservas valores Resumo em inglês OBJECTIVES: to assess iron nutritional status of public school children in Teresina, Piauí, Brazil. METHODS: a cross-sectional survey was conducted among 747 school children of both sexes, aged between seven and eleven years, who were randomly selected using a two-step sampling procedure, in August/September 2000. Children with hemoglobin (Hb) concentrations less than 11.5 g/dL were evaluated as anemic and low body iron (Sfer(mais) LTS: the prevalence of anemia was 14.3% (95%CI 12.2-17.4) and of low body iron 20.3% (95%CI 15.2-26.6). Anemia and body iron depletion were not correlated with gender (p=0.60; p=0.96, respectively) or age group (p=0.85; p=0.53, respectively). SFer was not correlated (r=0.1; p=0.168) with Hb concentrations. The prevalence of iron deficiency anemia (Hb

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

94

Características físico-químicas da tangerina 'ponkan' submetida ao raleio químico em relação à disposição na copa/ Physico-chemical characteristics of 'Ponkan' mandarin submitted to chemical thinning in relation to canopy distribution

Cruz, Maria do Céu Monteiro da; Ramos, José Darlan; Oliveira, Dili Luiza de; Marques, Virna Braga; Villar, Larissa
2010-02-01

Resumo em português As características ambientais e a exposição das plantas e frutas à insolação podem influenciar no crescimento das plantas e qualidade da produção. O trabalho foi realizado em um pomar comercial, com o objetivo de avaliar as características físico-químicas em relação à disposição na copa de frutas de tangerineira 'Ponkan', submetidas ao raleio químico. Foram avaliados quatro tratamentos, dispostos em esquema fatorial 2 x 2, no delineamento de blocos casual (mais) izados, com oito repetições. Os fatores foram as concentrações de Ethephon, 0 e 600 mg L-1 e dois quadrantes de localização das frutas na copa, leste e oeste. As frutas de tangerineira 'Ponkan', localizadas no quadrante oeste da copa, apresentaram tamanho e teor de sólidos solúveis maiores e menor acidez, quando comparadas com aquelas do quadrante leste. A aplicação de Ethephon para promover o raleio químico melhorou a qualidade das frutas de tangerineira 'Ponkan' em todas as posições analisadas na copa. Resumo em inglês Plant growth and production quality can be influenced by environmental characteristics and sunlight exposure of plants and fruits. The objective of this study was to evaluate physico-chemical characteristics in relation to canopy distribution of 'Ponkan' mandarin fruits submitted to chemical thinning in a commercial orchard. Four treatments were tested, set in 2 x 2 factorial scheme with eight randomized block replications. The factors were Ethephon concentrations (0 and (mais) 600 mg L-1 and two quadrants of canopy fruit distribution (east and west). The 'Ponkan' mandarin fruits located in the west quadrant presented greater size and solid soluble content and lesser acidity, as compared to those in the east quadrant. Chemical thinning with Ethephon application improved the quality of the 'Ponkan' mandarin fruits in all the canopy positions analyzed.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

95

Bioaccumulation of heavy metals in Liza saliens from the Esmoriz-Paramos coastal lagoon, Portugal

Fernandes, Conceição; Fontaínhas-Fernandes, A.; Peixoto, F.; Salgado, Maria Antónia

DRIVER (Portuguese)

96

Avaliação retrospectiva da exposição ocupacional a cancerígenos: abordagem epidemiológica e aplicação em vigilância em saúde/ Retrospective assessment of occupational exposure to carcinogens: an epidemiological approach and application to health surveillance

Ribeiro, Fátima Sueli Neto; Wünsch Filho, Victor
2004-08-01

Resumo em português A proporção de câncer atribuída à ocupação é bastante variável, com estimativas parcialmente dependentes de características das subpopulações expostas, tipo de tumor e da metodologia empregada. Uma das principais dificuldades para a estimativa destas proporções é reconstruir a experiência ocupacional individual. Métodos adequados de avaliação retrospectiva da exposição ocupacional são essenciais nos estudos epidemiológicos para evitar erros de class (mais) ificação. Nesta revisão, tais métodos, tanto de cunho qualitativo quanto quantitativo, são discutidos considerando-se que estas avaliações requerem abordagens progressivas e sem hierarquia preestabelecida. Métodos de avaliação da exposição por meio de mensurações ambientais, indicadores biológicos, questionários e entrevistas, exame caso a caso por especialistas, ou matrizes de exposição ocupacional, são comparados em relação às vantagens, limitações, acurácia e validade dos métodos. Para as práticas de vigilância em saúde, todas as propostas anteriores são úteis, mas destaca-se o uso das matrizes de exposição ocupacional, construídas com base em dados secundários. Resumo em inglês The proportion of cancer attributed to occupation varies, and estimates are partially dependent on the characteristics of exposed populations, type of tumor, and methodology. The main difficulty for estimating these proportions is the reconstruction of past individual occupational exposure. Appropriate methods for retrospective occupational exposure assessment are essential in epidemiological studies in order to avoid misclassification. In this review, qualitative and qua (mais) ntitative methods are discussed, considering that such evaluations require progressive approaches without a previously established hierarchy. Methods to evaluate exposure through environmental and biological measurements, questionnaires, interviews, expert panels, and job-exposure matrices are compared as to their advantages, limitations, accuracy, and validity. In health surveillance, all the above-mentioned methods can be applied, but the use of job-exposure matrices is emphasized, especially using secondary databases.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

97

Avaliação retrospectiva da exposição ocupacional a cancerígenos: abordagem epidemiológica e aplicação em vigilância em saúde/ Retrospective assessment of occupational exposure to carcinogens: an epidemiological approach and application to health surveillance

Ribeiro, Fátima Sueli Neto; Wünsch Filho, Victor
2004-08-01

Resumo em português A proporção de câncer atribuída à ocupação é bastante variável, com estimativas parcialmente dependentes de características das subpopulações expostas, tipo de tumor e da metodologia empregada. Uma das principais dificuldades para a estimativa destas proporções é reconstruir a experiência ocupacional individual. Métodos adequados de avaliação retrospectiva da exposição ocupacional são essenciais nos estudos epidemiológicos para evitar erros de class (mais) ificação. Nesta revisão, tais métodos, tanto de cunho qualitativo quanto quantitativo, são discutidos considerando-se que estas avaliações requerem abordagens progressivas e sem hierarquia preestabelecida. Métodos de avaliação da exposição por meio de mensurações ambientais, indicadores biológicos, questionários e entrevistas, exame caso a caso por especialistas, ou matrizes de exposição ocupacional, são comparados em relação às vantagens, limitações, acurácia e validade dos métodos. Para as práticas de vigilância em saúde, todas as propostas anteriores são úteis, mas destaca-se o uso das matrizes de exposição ocupacional, construídas com base em dados secundários. Resumo em inglês The proportion of cancer attributed to occupation varies, and estimates are partially dependent on the characteristics of exposed populations, type of tumor, and methodology. The main difficulty for estimating these proportions is the reconstruction of past individual occupational exposure. Appropriate methods for retrospective occupational exposure assessment are essential in epidemiological studies in order to avoid misclassification. In this review, qualitative and qua (mais) ntitative methods are discussed, considering that such evaluations require progressive approaches without a previously established hierarchy. Methods to evaluate exposure through environmental and biological measurements, questionnaires, interviews, expert panels, and job-exposure matrices are compared as to their advantages, limitations, accuracy, and validity. In health surveillance, all the above-mentioned methods can be applied, but the use of job-exposure matrices is emphasized, especially using secondary databases.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

98

Avaliação da mutagênese e genotoxicidade em Eigenmannia virescens (Teleostei: Gymnotiformes) expostos ao benzeno/ Avaliation of mutagenicity and gentotoxicity in Eigenmannia virescens (Teleostei: Gymnotiformes) exposed to benzene

Bücker, Augusto; Carvalho, Wanderson; Alves-Gomes, José Antonio
2006-01-01

Resumo em português Os efeitos de substâncias genotóxicas sobre o genoma de peixes tem sido objeto de muitos estudos, sobretudo daqueles que buscam estabelecer a resposta dos genes aos estímulos ambientais. O presente trabalho teve como objetivo realizar um estudo sobre mutagenicidade e genotoxicidade em peixes elétricos da espécie Eingenmannia virescens, pela exposição ao benzeno (50ppm), utilizando as técnicas da Freqüência de Micronúcleos (MNs) e o Ensaio do Cometa. Foram colet (mais) adas amostras do sangue de dez peixes em diferentes tempos de exposição: T0, 24h, 48h, 72h, 96h e 360h (15 dias). Para a análise das lâminas no Teste do MN, foram contadas 1.000 células e estipulada a freqüência de ocorrência de MNs. Para análise do Ensaio do Cometa a contagem foi feita estipulando quatro classes de danos: I - II - III - IV, e para a análise estatística foram atribuídos valores numéricos (ranques) de 0 a 3, respectivamente, verificando diferenças significativas para a soma dos ranques em todos os tempos de exposição em relação ao T0. No Teste do Micronúcleo não foi possível detectar efeitos mutagênicos significativos nos eritrócitos analisados. No entanto, para o Ensaio do Cometa os resultados sugerem ação genotóxica do benzeno, devido a um aumento gradual no número de células com maiores classes de danos de acordo com maior tempo de exposição, indicando um efeito tempo-dependente. Estes resultados sugerem maior sensibilidade do Ensaio do Cometa que o Teste do MN. Resumo em inglês The effects of genotoxic substances on fishes genome have been object of many studies, especially those which attempt to establish the responses of genes to environmental stimulus. The objective of this study was to evaluate the mutagenicity and genotoxicity in electric fishes of species Eingenmannia virescens, under to benzene exposure (50ppm), utilizing Micronuclei Test (MNs) and Comet Assay techniques. Ten fish blood samples were collected in different times of exposur (mais) e: T0, 24h, 48h, 72h, 96h and 360h (15 days). To determine the frequency of MNs, 1.000 cells per microscopical slides were counted. For the Comet Assay analysis, four damage classes were defined: I - II - III - IV, and for the statistic analysis number values (ranks) from 0 to 3 were assigned for each class. The sum of ranks (values) for all times of exposure was compared to T0 and these differences were statistically analyzed. On Micronuclei Test demonstrated do not possible detect significant mutagenic effects in the erythrocytes analyzed. On the other hand, for the Comet Assay, the results suggested genotoxic action of benzene, proper the gradual increase of number of cells with greatest damage class with the greatest of exposure time, indicating an effect time-dependent. These results suggested the most sensibility for the Comet Assay like Micronuclei Test.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

99

Análise crítica dos sistemas neurais envolvidos nas respostas de medo inato/ Critical analysis of the neural systems organizing innate fear responses

Canteras, Newton Sabino
2003-12-01

Resumo em português O nosso entendimento das bases neurofisiológicas da reação emocional do medo baseia-se em grande parte nos estudos que envolvem respostas condicionadas a estímulos fisicamente aversivos, como, por exemplo, o choque elétrico nas patas. Enquanto este paradigma parece ser útil para avaliarmos os sistemas neurais envolvidos na resposta do, assim chamado, medo condicionado (que tipicamente tem se limitado à observação da resposta de congelamento), este paradigma parec (mais) e ter sérias limitações para investigarmos as bases neurais das respostas de medo em circunstancias naturais. Trabalhos recentes utilizando técnicas de lesões neurais bem como de mapeamento funcional em animais expostos a predadores naturais, ou somente ao odor destes predadores, revelam uma série de estruturas neurais como responsáveis pelas respostas de medo inato, bastante distintas daquelas previamente implicadas nas respostas de condicionamento aversivo. Como revisto no presente trabalho, entre estas estruturas temos distritos diferenciados da zona medial do hipotálamo; setores específicos da amídala e do sistema septo-hipocampal, envolvidos, respectivamente no processamento de pistas relacionadas à presença do predador e na análise contextual do ambiente; e setores da matéria cinzenta periaquedutal, já classicamente envolvidos na expressão de respostas de defesa. Estas informações podem ser potencialmente importantes para a análise e terapêutica de psicopatologias relacionadas aos distúrbios da reação emocional de medo. Resumo em inglês Unconditioned emotional responses elicited by exposure to a predator have served as the prototypical exemplar for analyses of the behavioral biology of fear-related emotionality. However, the primary research model for the study of fear has involved shock-based cue and context conditioning. While these shock-based models have provided a good understanding of neural systems regulating specific conditioned fear-related behaviors (typically freezing), it is not known if the (mais) neural systems underlying an array of defensive responses to innate, unconditioned, painless threat stimuli, and conditioning to these stimuli, are the same as those involved in foot shock and its conditioning sequellae. Recent work involving lesions and c-Fos activation in conjunction with predator or predator odor exposure suggest specific neural systems for response to these, potentially different from the systems outlined in Pavlovian fear conditioning studies. As outlined in the present review, these systems include the medial hypothalamic defensive circuit; specific amygdalar and septo-hippocampal territories, involved in processing, respectively, cues related to the predator presence and environmental contextual analysis; and the periaqueductal gray, known to be critically involved in the expression of predator-induced responses. This information may be potentially important in analysis of defense-related psychopathologies and in the design of therapeutic interventions for them.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

100

A exposição pré-natal ao álcool como fator de risco para comportamentos disfuncionais: o papel do pediatra/ Prenatal alcohol exposure as a risk factor for dysfunctional behaviors: the role of the pediatrician

Momino, Wakana; Sanseverino, Maria Teresa V.; Schüler-Faccini, Lavínia
2008-08-01

Resumo em português OBJETIVO: Ainda que as características clássicas da síndrome fetal alcoólica tenham sido descritas desde 1968, a pesquisa sobre a teratogênese do álcool apenas recentemente demonstrou que o cérebro é o órgão do corpo mais vulnerável aos efeitos da exposição pré-natal ao álcool. No presente artigo, fazemos uma revisão da literatura focalizando principalmente os distúrbios comportamentais relacionados à exposição pré-natal ao álcool. FONTES DOS DADOS: (mais) Foi realizada uma pesquisa com base no PubMed sobre a literatura publicada entre 1968 e 2006, com as palavras-chave etanol, gestação e comportamento. Foram estabelecidos limites a estudos em humanos. SÍNTESE DOS DADOS: Os dados apresentados nesta revisão sugerem que jovens com efeitos do espectro do álcool fetal estão sob risco maior de terem comportamento social disruptivo, entre outros problemas neurocomportamentais. CONCLUSÕES: Ainda que seja impossível separar completamente a teratogênese sobre o cérebro decorrente da exposição ao álcool de influências ambientais pós-natais como a causa definitiva desses resultados, o pediatra deve ser estimulado ao diagnóstico precoce de crianças afetadas pela síndrome fetal alcoólica e efeitos do espectro do álcool fetal. Isso permite iniciar o manejo e cuidados apropriados para evitar as conseqüências em longo prazo no comportamento e assegurar uma adaptação social e escolar melhor e mais produtiva. Resumo em inglês OBJECTIVE: Although the classic features of fetal alcohol syndrome have been recognized since 1968, research on alcohol teratogenesis has only recently demonstrated that the brain is the organ in the body most vulnerable to the effects of prenatal alcohol exposure. In this present article, we reviewed the literature focusing mainly on behavioral disturbances related to prenatal ethanol exposure. SOURCES: We performed a PubMed search on the literature published between 196 (mais) 8 and 2006 using the terms ethanol, pregnancy and behavior. We limited our search to studies on humans. SUMMARY OF THE FINDINGS: The data presented in this review suggested that youths with fetal alcohol spectrum disorder are at risk of disruptive social behavior, among other neurobehavioral abnormalities. CONCLUSIONS: Although it is still impossible to completely separate brain teratogenesis secondary to alcohol exposure from environmental postnatal influences as the definite cause for these outcomes, the pediatrician should be encouraged to early diagnose children affected by fetal alcohol syndrome and fetal alcohol spectrum disorder. This provides proper management and care and avoids long-term consequences on their behavior, besides ensuring better and productive school and social adaptation.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

101

Exposição ocupacional a compostos orgânicos voláteis na indústria naval/ Occupational exposure to volatile organic compounds in the naval industry

Costa, Maria de Fátima Barrozo da; Costa, Marco Antonio Ferreira da
2002-05-01

Resumo em inglês The scope of this study involved the evaluation of the concentration of some volatile organic compounds in the internal environmental air of a naval shipyard in the State of Rio de Janeiro, during painting activities in enclosed, semi-enclosed and open areas. Xylene was the volatile compound found in greatest abundance (25.20 to 191.66 ppm) in the locations researched. Benzene in the air, which is a carcinogenic substance, attained levels of 3.34 ppm in semi-enclosed envi (mais) ronments and the highest levels of toluene, xylene and n-butanol were found in the enclosed space of the ship. Results obtained highlight the need to establish air quality control programs in these internal areas, in order to safeguard the health of the workers.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)