Sample records for element 112
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 2 shown.



1

Atitutes e percepções em terapia nutricional entre médicos intensivistas: um inquérito via internet/ Intensive care physicians' attitudes and perceptions on nutrition therapy: a web-based survey

Cunha, Haroldo Falcão Ramos da; Salluh, Jorge Ibrain Figueira; França, Maria de Fátima
2010-03-01

Resumo em português OBJETIVO: Terapia nutricional é elemento importante no cuidado ao paciente grave. Mesmo reconhecida enquanto especialidade, a existência de equipes multidisciplinares ainda é escassa nas unidades terapia intensiva. Possivelmente a aplicação de cuidados em terapia nutricional seja variada entre intensivistas. O objetivo do estudo foi descrever percepções destes especialistas sobre atitudes e práticas em terapia nutricional enteral. MÉTODOS: Elaboramos questionári (mais) o em plataforma on-line. Após fase de pré-validação, o instrumento foi distribuído via eletrônica. Após 30 dias as respostas foram computadas, considerando-se apenas os formulários completos. RESULTADOS: Cento e quatorze formulários foram devolvidos, 112 foram analisados. Os respondedores concentraram-se predominantemente na região sudeste do país. Sobre a instituição do suporte enteral, a maioria das respostas reflete percepções coadunadas às orientações de sociedades de especialistas. Os respondedores percebem frequentemente a aplicação de protocolos assistenciais relativos aos cuidados nutricionais. Após o início dos cuidados nutricionais, a percepção dos respondedores sobre a participação em modificações no plano terapêutico nutricional aparenta ser menor. O auto-conhecimento sobre o tema "terapia enteral" entre os respondedores foi quantificado em 6,0 (média aritmética), em escala de 1 a 10. CONCLUSÕES: Mais estudos para avaliação de práticas nutricionais entre médicos intensivistas são necessários. Alternativas à distribuição via plataforma on-line devem ser consideradas. Possivelmente intensivistas lidam melhor com as fases iniciais de instituição dos cuidados com nutrição enteral do que em relação à continuidade dos cuidados ou mudança na programação nutricional. Médicos intensivistas percebem em geral conhecimento sub-ótimo sobre o tema terapia nutricional enteral. Resumo em inglês OBJECTIVE: Nutritional therapy is an important element in critical ill patient care. Although recognized as specialty, multidisciplinary teams in nutrition support are scarce in our country. Possibly, nutrition support therapy is applied by intensive care physicians and this may vary. The aim of the study is describe these specialists perceptions about theirs attitudes in enteral nutrition support. METHODS: A questionnaire was elaborated in an on-line platform. After pre- (mais) validation, it was sent by electronic mail to intensivists. In 30 days answers were collected, considering only the full-filled questionnaires. RESULTS: One hundred an fourteen forms were returned, 112 were analyzed. The responders were localized at majority in southeastern region. About beggining of nutritional support, the majority of answers reflect perceptions in accord to specialists societies recommendations. The responders' perception the frequent utilization of assistentials protocols in nutrition care. After support beginning, the responders perceptions about theirs participation in changes in therapeutic plan seems to be lower. The self-knowledge about the theme among the responders was 6.0 (arithmetic media) in a 1 to 10 scale. CONCLUSIONS: More studies are necessary to evaluate nutritional support practices among intensive care physicians. Alternatives to on-line platform should be considered. Possibly, intensive care physicians do better in the initial phases of enteral support than in continuity of care. Intensive care physicians knowledge about the issue is suboptimal.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

Ganho de peso e custos em bovinos de corte submetidos a dois tipos de suplementos minerais/ Daily weight gain and costs of beef cattle receiving two types of mineral supplements

Malafaia, Pedro; Peixoto, Paulo Vargas; Gonçalves, Júlio Cesar Soares; Moreira, Alexandre Lopes; Costa, Dorival Pereira Borges da; Correa, Walcir Soares
2004-09-01

Resumo em português O desempenho ponderal e os gastos com a suplementação mineral foram quantificados para bovinos de corte, criados a campo, frente a dois tipos de suplementos minerais por um período de 112 a 183 dias, na estação chuvosa. Enquanto um grupo recebeu uma mistura mineral comercial, outro teve acesso a uma mistura mineral (sal seletivo) formulada apenas com cloreto de sódio, superfosfato simples ou fosfato bicálcico, sulfato de cobre e sulfato de cobalto. Em três proprie (mais) dades, o ganho de peso diário foi maior para os grupos de animais que receberam o suplemento mineral seletivo. Em apenas uma fazenda, o ganho de peso foi numericamente maior para o lote que recebeu o suplemento mineral comercial. O maior consumo diário dos suplementos minerais comerciais, em todas as propriedades, provavelmente deveu-se ao seu menor teor de cloreto de sódio (sal comum). A reduzida ingestão associada ao menor custo do sal seletivo, representou uma economia de 3 até 7 vezes na suplementação mineral dos bovinos. Os animais não apresentaram quaisquer sinais clínicos diretos ou indiretos de deficiência mineral durante o período experimental. Uma vez que, via de regra, os problemas decorrentes de deficiências minerais tornam-se evidentes dentro de algumas semanas ou poucos meses, os autores descartam a possibilidade de que os animais que ingeriram o sal seletivo viessem a apresentar distúrbios tardios oriundos de deficiência(s) mineral(is). Os resultados desse estudo comprovam que a suplementação seletiva, corretamente implementada e acompanhada, é uma estratégia nutricional que implica em expressiva redução nos custos com a suplementação mineral de bovinos de corte. Resumo em inglês The daily weight gain and economic aspects of beef cattle raised on tropical pastures receiving two types of mineral supplements were evaluated during 112-183 days during the wet season in 4 herds. On each farm the animals were divided into two groups. For one group a commercial mineral mixture was used, and to the other group a selective mineral mixture containing only Na, P, Cu and Co was offered. The cattle were weighed every 30 days, and the mineral supplement intake (mais) was measured monthly. The daily weight gain of the animals receiving the selective mineral mixture was greater in three farms. Only on the second farm the group receiving the commercial mineral mixture had a superior daily weight gain. The daily intake of the selective mineral mixture was lower in all groups and was attributed to the high amount of NaCl in these mixtures. The selective mineral supplementation was 3 up to 7 times more economic than the conventional supplementation with a "complete" mineral mix. Throughout the experimental period the animals did not show any direct or indirect clinical signs of mineral deficiency. The results of these experiments confirms the hypothesis that selective mineral supplementation - i.e. supplementation of the mineral element(s) deficient - was correct and results in expressive reduction of the cost with the mineral supplementation for beef cattle.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)