Sample records for element 111
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 2 shown.



1

Nutrição mineral de hortaliças LXXII: Diagnóstico das carências de macronutrientes e de boro em melão (Cucumis melo L.)/ Mineral nutrition of vegetable crops: LXXII. Malnutrition in melon plant (Cucumis melo L.)

Belfort, C.C.; Haag, H.P.; Minami, K.
1986-01-01

Resumo em português Com o objetivo de se obter o quadro sintomatológico das carências de macronutrientes e de boro, um ensaio foi conduzido em casa de vegetação, utilizando--se como substrato silica finamente moida, em quantidade de 7 kg por tratamento. Os tratamentos correspondem a utilização de soluções nutritivas denominadas de: completa, com omissão de N, P, K, Ca, Mg, S e B. Os vasos eram irrigados por percoladas. As soluções eram renovadas quinzenalmente. A omissão dos nutr (mais) ientes afetou o peso de matéria seca das plantas mormente na omissão de N e de B. Os sintomas de desnutrição manifestaram-se claramente. As folhas sem sintomas apresentaram as seguintes concentrações dos nutrientes, expressos em função da matéria seca: N% - 2,39-3,30; P% - 0,28-0,62; K% - 2,53-2,87; Ca% - 2,59-5,14; Mg% - 0,79-0,99; S% - 0,22-0,24; B ppm - 65-111. Folhas com sintomas de desnutrição apresentaram os seguintes valores, expressos em função da matéria seca: N% - 1,11-1,21; P% - 0,12-0,23; K% - 0,86-1,72; Ca% -0,85-2,22; Mg% - 0,60-0,71; S% 0,17-0,19; B ppm - 54-101. Resumo em inglês In order to obtain: - The deficiency symptoms of macronutrients and boron; - The analytical levels in the plant or parts of the under mineral deficiencys conditions. One greenhouse experiment was carried out Melon plants were cultivated in pots containing pure quartz and irrigated with nutrient solutions with different composition consisting of "complete solution", lacking N, P, K, Ca, Mg, S and B. Once the deficiencies were clearly identified the plants were harvested di (mais) vided into roots, stem, leaves and "flower + fruits". The material was dried at 80°C, weighted and analyzed for the elements. The main conclusion are: The malnutrition symptoms were clearly identified for each element; The omission of nutrients affected the plant growth. The levels of nutrients in sound leaves, expressed in dry matter were: N% 2.30-3-30; P% 0.28-0.62; K% 2.53-2.87; Ca% 2.59-5.14; Mg% 0.79-0.99; S% 0.22-0.24; B ppm 65-111. The levels of nutrients in unsound leaves expressed in dry matter were: N% 1.11-2.21; P% 0.12-0.23; K% 0.86-1.72; Ca% 0.85-2.22; Mg% 0.60-0.71; S% 0.17-0.19; B ppm 54.7-101.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

Adubação do milho: III - Adubação mineral quantitativa/ Fertilizer experiments with corn: III - Quantitative applications of mineral fertilizers

Viégas, G. P.; Catani, R. A.
1955-01-01

Resumo em português Durante três anos consecutivos - de 1949/50 a 1951/52 - foram realizados em Campinas, ensaios de adubação do milho, em que as doses básicas de NPK foram iguais para os três elementos, isto é, 25 kg/ha de azoto (N), fósforo (P2O5) e potássio (K2O). Foram estudados três níveis de azoto, cinco de fósforo e quatro de potássio. Em 1949/50, em todos os tratamentos o "stand" inicial foi baixo ; nos outros dois anos, a genninação média foi respectivamente de 79% e (mais) 72%. Em conseqüência de aparente desequilíbrio na adubação, provocado por deficiência de fósforo, houve acentuada redução no número de plantas por ocasião da colheita, particularmente em 1951/52, nos canteiros sem fósforo e sem adubo. Apenas a adubação fosfatada deu efeitos significativos, obtendo-se o maior aumento de produção com 60 kg/ha de P2O5. O efeito do fósforo ampliou-se do primeiro para o terceiro ano. Em média, o efeito do potássio foi pequeno, devido aos resultados obtidos nos dois primeiros anos; no último, êle cresceu consideravelmente. Em 1949/50, verificou-se ter sido prejudicada a genninação, devido à concentração do cloreto de potássio nos sulcos de plantio. O aumento de produção pela aplicação de azoto também foi pequeno, diminuindo proporcionalmente, do primeiro para o terceiro ano, ao contrário do fósforo e do potássio. Nos dois primeiros anos o melhor tratamento foi 121; no último foi 131, isto é 25 - 75 - 25 kg/ha de N - P2O5 - K2O. A produção de colmos reagiu do mesmo modo que a de grãos, porém em menor escala. Pode-se dizer que houve geral concordância entre as produções de grãos e de colmos, às crescentes doses de azoto, fósforo e potássio, aplicadas. Resumo em inglês Experiments designed to compare three levels of nitrogen, five of phosphorus, and four of potash were planted for three consecutive years (1949 through 1951) at Campinas in the "terra roxa misturada" type of soil. Treatment 1-1-1 received 25 kg/ha of each, N, P2O5, and K2O, applied respectively as Chilean nitrate, superphosphate, and potassium chloride. The fertilizers were placed in the furrow at planting time and mixed with the soil direct under the seed. Injury to the (mais) germinating seed resulting from salt concentration was noted only in 1949, when germination was substantially affected, especially in plots that received high nitrogen and potash. The number of plants per plot after thinning was, however, comparable for all treatments. Phosphorus promoted a considerable increase in yield. A study of the adjusted means showed that a single dose of phosphorus increased the yield in 521 kg/ha when compared with plots receiving only NK. Double rates of phosphorus increased the yield in 806 kg/ha (44%), but higher rates of this element did not promote any further increase. No gain in yield due to the application of nitrogen or potash was noticed in these experiments.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)