Sample records for element 104
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 3 shown.



1

Validação de equações preditivas da fração indigestível da fibra em detergente neutro em gramíneas tropicais/ Validation of predictive equations for neutral detergent fiber indigestible fraction in tropical grasses

Detmann, Edenio; Zervoudakis, Joanis Tilemahos; Cabral, Luciano da Silva; Rocha Júnior, Vicente Ribeiro; Valadares Filho, Sebastião de Campos; Queiroz, Augusto César de; Ponciano, Niraldo José; Fernandes, Alberto Magno
2004-12-01

Resumo em português Objetivou-se neste trabalho validar as equações de predição da fração indigestível da fibra em detergente neutro (FDNi) adotadas pelos sistemas nutricionais Cornell Net Carbohydrate and Protein System (equação de Sniffen) e National Research Council (equação de Conrad) em gramíneas tropicais. Para tal, construiu-se um banco de dados constituído por 114 observações realizadas em gramíneas tropicais, centrando-se nos teores de lignina e de fibra em detergent (mais) e neutro indigestível (FDNi). A comparação entre valores preditos e observados foi realizada por intermédio do ajustamento de equação de regressão linear simples de valores preditos sobre valores observados. A utilização da equação de Conrad forneceu estimativas dos teores de FDNi distintos daqueles observados, com vício constante de +5,60 pontos percentuais. A alteração do expoente que compõe tal equação de 0,667 para 0,85 levou à anulação deste vício, garantindo a similaridade entre valores preditos e observados. Um quadro de falta de ajustamento foi observado sobre a equação de Sniffen, que proporcionou a sub e superestimação dos teores de FDNi para concentrações de lignina inferiores e superiores a 10,4% da FDN, respectivamente. Tal comportamento suporta-se na ausência de relações curvilineares desta equação, constituindo seu principal elemento de deficiência. O ajustamento empírico da equação de Conrad neutralizou o vício de estimação, atribuindo ao novo modelo o menor quadrado médio do erro de predição entre as equações avaliadas. Resumo em inglês The objective of this work was to validate the prediction equations for neutral detergent fiber indigestible fraction (iNDF) employed by the Cornell Net Carbohydrate and Protein System (Sniffen equation) and the National Research Council (Conrad's equation). A database with 114 observations taken from tropical grass, with lignin and indigestible neutral detergent fiber (iNDF) contents, was used. Comparison among predicted and observed values was accomplished by adjusting (mais) a linear regression model with predicted values as dependent variable and observed values as independent variable. The estimates supplied by Conrad's equation were different from observed values, with constant bias of +5.60 percentile points. Alteration of the exponent that composes this equation, from .667 to .85, controlled the bias, guaranteeing the similarity among predicted and observed values. Lack of fitness was observed on the Sniffen equation, which caused under and overestimation of the iNDF contents for lignin concentrations lower and higher than 10.4% of NDF, respectively. This behavior is supported by the absence of non-linear relationships in this equation, constituting its main element of deficiency. The bias free of Conrad equation with empirical correction enlarges the accuracy of estimation process, leading to the lower mean square of the prediction error.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

Efeito de fontes de silício na incidência e na severidade da antracnose do feijoeiro/ Effects of silicon sources on the incidence and severity of the common beans anthracnose

Moraes, Sylvia R. G.; Pozza, Edson A.; Alves, Eduardo; Pozza, Adélia A. A.; Carvalho, Janice G.; Lima, Paulo H.; Botelho, Alex O.
2006-02-01

Resumo em português Foram realizados três experimentos para estudar a influência do silício na redução da antracnose, causada por Colletotrichum lindemuthianum, em feijoeiro (Phaseolum vulgaris). No primeiro experimento plantas tratadas com silicato de cálcio foram inoculadas com 0, 10³, 10(4), 5x10(4), 10(5), 5x10(5) e 10(6) conídios/ml de C. lindemuthianum. Na concentração de 10(6) conídios/ml avaliou-se a diferença entre o silicato de cálcio e uma fonte de cálcio (óxido de (mais) cálcio). No segundo experimento foi avaliado o silicato de cálcio e de sódio na redução da antracnose. No terceiro experimento, por meio da microscopia eletrônica de varredura (MEV) e da microanálise de raios-X (MAX), estudou-se o efeito do silício nos mecanismos de resistência. Foram realizadas cinco avaliações da doença, utilizadas para calcular a área abaixo da curva de progresso da incidência (AACPI), da severidade (AACPS) e a duração da área foliar sadia (HAD), nos dois primeiros experimentos. Com o aumento da concentração do inóculo houve aumento na AACPI e AACPS e redução na HAD, porém a testemunha inoculada com a maior concentração de inóculo, e tratada apenas com cálcio (CaO), sem silicato, teve maiores AACPI e AACPS do que as plantas tratadas com silicato de cálcio. No segundo experimento, a menor AACPS e maior HAD foram obtidas no tratamento com silicato de sódio via foliar, que proporcionou redução de 62,4% na AACPS. Na MEV e na microanálise de raios X não se observaram a formação de barreira física e o acúmulo de silício externamente com a aplicação de silicato de cálcio, embora o elemento tenha contribuído para reduzir a antracnose. Resumo em inglês Three experiments were performed to study the influence of the silicon on the reduction of the common bean (Phaseolum vulgaris) anthracnose. The first experiment involved a plant fertilized with calcium silicate and different inoculum concentrations of the Colletotrichum lindemuthianum (0, 10³, 10(4), 5x10(4), 10(5), 5x10(5) and 10(6) conidia/ml). In the concentration 10(6) conidia/ml the difference between calcium silicate and calcium oxide was evaluated for effects on (mais) the disease. The second experiment evaluated the influence of sodium and calcium silicate on the reduction of the anthracnose. In the third experiment, the scanning electron microscopy (SEM) and X-ray micro-analysis (EDAX) were used to study the effect of the silicon on the plant resistance mechanism. Five evaluations of the incidence, severity and leaf area were done, in the first and second experiment. Disease evaluation was made using area under disease progress curve for incidence (AUDPCI) and severity (AUDPCS) and healthy leaf area duration (HAD). Inoculum concentration was found to increase the AUDPCI and AUDPCS. In contrast, the HAD had decreased. Fertilization of plants with calcium silicate significantly reduced the AUDPCI and AUDPCS, when compared to inoculated control and fertilized plants by calcium oxide (CaO) with higher inoculum concentration. On the second trial, the application of sodium silicate on the leaves of the bean plant reduced AUDPCS by 62,4% when compared to control. When the treated leaves were scanned with SEM and EDAX was performed, although the silicon had reduced the disease, no accumulation of an external silicon barrier was observed with application of the element.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

Distribuição de estanho em solos e em estevas da área envolvente das minas de Neves Corvo/ Tin distribution in soils and plants, Cistus ladanifer L., in Neves Corvo mining are

Batista, M. J.; Abreu, M. M.; Pinto, M. Serrano
2009-01-01

Resumo em português A área mineira de Neves Corvo inclui a Mina de Neves Corvo (MNC) cuja exploração teve início em 1988 para Cu e Sn e outras seis minas de Mn e Cu já abandonadas. Na região ocorrem formações geológicas do Complexo Vulcano-Sedimentar (CVS) hospedeiras dos sulfuretos maciços portadores das mineralizações e formações do grupo do Flysch compostas de xistos e grauvaques. Neste trabalho, estudou-se a distribuição do estanho nos solos e a sua capacidade de absorç� (mais) �o e translocação pelas plantas (Cistus ladanifer L.) na área mineira de Neves Corvo. As amostras foram colhidas em duas campanhas, entre 1971-72, cerca de 27 anos antes da laboração na MNC, e numa 2ª campanha (1998), 10 anos após o inicio da laboração desta mina, onde nos mesmos locais foram colhidos solos e plantas. As amostras de solos (horizonte superficial), de ambas as campanhas, e de plantas da 2ª campanha foram sujeitas a digestão com quatro ácidos para análise total dos elementos por ICP-AES. Os solos das duas campanhas, desenvolvidos no Flysch, apresentam as mesmas concentrações médias de Sn (2,9 mg kg -1), contrariamente ao que acontece nos solos que cobrem as formações do CVS cujas concentrações na 2º campanha são cerca do dobro das da primeira (4,5 e 10,4 mg kg-1 , respectivamente na 1ª e 2ª campanhas), notando-se assim a influência da actividade mineira nestas formações que são hospedeiras da mineralização de estanho. No entanto, em ambos os casos, os solos apresentam concentrações médias de Sn consideradas de fundo geoquímico. Em geral, as plantas apresentam concentrações de Sn mais elevadas nas raízes do que na parte aérea. Os solos apresentam teores de Sn inferiores aos das plantas indicando que estas têm capacidade para acumular aquele elemento. Este facto, pode estar relacionado com a presença de estanho nos solos quase neutros, sob a forma de estanite, também observada nas mineralizações. Nas plantas próximas da exploração da MNC, onde o pH do solo é mais ácido, os teores de Sn podem ser devidos à deposição de material particulado rico em Sn que será adsorvido via estomas. O pH e as fases sólidas nas quais o estanho se encontra nos solos são determinantes para a sua disponibilidade no solo e capacidade para ser absorvido e translocado pelas plantas. Resumo em inglês The Neves Corvo mining area includes the Mina de Neves Corvo (MNC) that started exploitation in 1988 for Cu and Sn and six abandoned Mn and Cu mines. The Volcano Sedimentary Complex (VSC) which hosts the massive sulphide deposits and the Flysch formations of schist and greywacke dominates the regional geology. The aim of this study was to evaluate tin distribution in soils as well as the capacity to absorb and translocate this element for plants (Cistus ladanifer L.) grow (mais) ing in the MNC area. Samples were collected in two campaigns: the first, for soils, in 1971-72 before MNC existence; and the second campaign (1998), 10 years after mining exploitation began in MNC, for soils and plants in the same places sampled in the first campaign. Soil and plant samples were digested with four acids for total elements extraction and analysed by ICP-AES. The soils developed from Flysch formations have the same average Sn concentrations in both campaigns (2.9 mg kg -1). In contrast, the Sn concentration in soils developed on VSC in the second campaign were twice those (10.4 mg kg-1) from soils of the first campaign (4.5 mg kg-1), reflecting mining. However, tin content in soils developed on both lithologies was considered as a background concentration. Generally, plant roots have higher Sn concentrations than leaves. C. ladanifer plants presented highest Sn concentration than soils suggesting tin accumulation by these plants. The soil pH and solid phases where tin was present were determinant factors for tin uptake and translocation from roots to shoots in C. ladanifer plants.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)