Sample records for electron tubes
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 15 shown.



1

Visualização in vitro da colonização de raízes por rizobactérias/ In vitro visualization of colonization of roots by rhizobacteria

Queiroz, Brigida P. V. de; Aguilar-Vildoso, Carlos I.; Melo, Itamar S.
2006-03-01

Resumo em português É proposto nesse trabalho a utilização do substrato phytagel para a germinação de sementes bacterizadas e visualização de colônias bacterianas. Sementes de limoeiro cravo (Citrus limonia Osbeck) foram inoculadas e monitoradas com rizobactérias utilizando-se tubos de ensaio contendo diferentes substratos para germinação de sementes, quais sejam: Ágar-Ágar, Ágar Noble e Phytagel, onde foram avaliados sete isolados rizobacterianos além de um isolado de Escheri (mais) chia coli DH5a como controle negativo. Verificou-se que o Phytagel permitiu uma visualização nítida da colonização ao longo das raízes, pelas bactérias, como também proporcionou ser uma boa ferramenta para estudar a colonização via microscopia de varredura. As rizobactérias que melhor colonizaram as raízes e que apresentaram turbidez no ágar, ao seu redor, mostraram-se aderidas à superfície radicular, com colonização eficiente em diferentes sítios ao longo das raízes, quando observadas em alta magnificação. Resumo em inglês For in vitro colonization to be quickly verified, substrate transparency is important. With this objective, a simple method was modified and the visualization of rhizobacteria in the roots was correlated to their colonization via scanning electron microscopy (SEM). Seeds of Citrus limonia Osbeck were inoculated and monitored in glass tubes with different substrates (Agar-Agar, Agar Noble and Phytagel). Seven rhizobacteria strains were evaluated, and an isolate of Escheric (mais) hia coli DH5a was used as the negative control. Phytagel allowed a clearer visualization of the colonization along the roots by the bacteria and a higher sensibility for the confirmation of the rhizobacteria. Roots that presented turbidity around the agar exhibited an efficient surface colonization when observed in high magnification. This method showed to be a very good tool to study the root colonization via SEM.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

Tratamentos para obtenção de TaC em superfície de grafite. Parte III: Imersão em suspensão Aquosa de Ta e Ta2O5/ TaC formation on graphite surface. Part III: Immersion in Aqueous Suspension of Ta and Ta2O5

Izário Fº, H. J.; Vernilli Jr., F.; Pinto, D. V. B. S.; Baccan, N.; Sartori, A. F.
2001-09-01

Resumo em português Este trabalho apresenta uma nova metodologia para a formação de uma camada de carbeto de tântalo em superfície de grafite, que consiste da imersão dos tubos de grafite em suspensões aquosas de tântalo e de óxido de tântalo, com posterior tratamento térmico a 2100 °C. Para facilitar a aderência dos compostos de tântalo sobre a superfície do tubo, utilizou-se álcool polivinílico (PVOH). Para obter uma camada de carbeto de tântalo homogênea e aderente, os p (mais) arâmetros concentração das suspensões e temperatura dos corpos de prova antes da imersão, também foram analisados. A camada de carbeto de tântalo formada foi caracterizada utilizando microscopia eletrônica de varredura (MEV) e difratometria de raios X. Resumo em inglês This work presents the methodology studied for the formation of a tantalum carbide layer in a graphite surface. The methodology consists of the immersion of the graphite tubes in aqueous suspensions of tantalum and tantalum oxide, with subsequent thermal treatment at 2100 °C. Poly (vinyl alcohol - PVOH) was used in order to facilitate the adherence of the tantalum composite on the tube surface. Parameters such as concentration and temperature of the suspension and the te (mais) mperature and atmosphere of the thermal treatment were investigated in order to obtain an homogeneous and adherent layer of tantalum carbide. The tantalum carbide layer was characterized using scanning electron microscopy and analysis of phases by X-- ray diffraction.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

Tratamentos para obtenção de TaC em superfície de grafite. Parte I: Imersão em solução aquosa de TaF7(2-)/ TaC formation on graphite surface. Part I: Immersion in aqueous solution of TaF7(2-)

Izário Fº, H. J.; Vernilli Jr., F.; Pinto, D. V. B. S.; Baccan, N.; Sartori, A. F.
2001-09-01

Resumo em português A espectrometria de absorção atômica com atomização eletrotérmica em forno de grafite, como método analítico, possui uma grande vantagem que é a sensibilidade na detecção, tendo assim grande aceitação como rotina analítica em laboratórios de aplicação e pesquisa. Apesar desta metodologia possuir grande poder de detecção, sua aplicação é limitada pelo custo de operação e pela interação química de alguns elementos com a superfície do tubo de graf (mais) ite. Este trabalho apresenta uma metodologia para obtenção de uma camada de carbeto de tântalo na superfície do grafite, cujas propriedades permitem a atomização do analito sem interferência da camada formada. A metodologia apresentada neste trabalho é a imersão do tubo de grafite em solução aquosa de TaF7(2-). Os corpos de prova obtidos foram submetidos a tratamentos térmicos para a formação do carbeto de tântalo. A homogeneidade das camadas formadas e suas morfologias foram acompanhadas por microscopia eletrônica de varredura e a formação do carbeto de tântalo foi confirmada por difratometria de raios X. Resumo em inglês The atomic absorption spectrometry with electrothermal atomization in graphite oven, as an analytical method, possesses a great advantage of high sensibility detection; due to this advantage, it has been largely accepted as an analytical routine in application and research laboratories. In spite of its large detection power, the application of this methodology is limited by the operation cost and by the chemical interaction of some elements with the graphite tube surface. (mais) This work presents the methodologies of formation of tantalum carbide in the surface of graphite tubes by immersion of the graphite tube in aqueous solution of TaF7(2-). The samples obtained following this methodology were thermally treated in order to obtain the tantalum carbide. The homogeneity of the formed layers and their morphologies were characterized by scanning electron microscopy; the formation of tantalum carbide was confirmed by X-ray diffraction.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

4

Tratamento de superfície de tubos de poliamida 11 com chama para deposição de revestimento hidrofílico biomédico/ Flame surface treatment of polyamide 11 tubes for the deposition of biomedical hydrophilic coatings

Martins, Waldemar F. M.; Fúcio, Débora M.; Mattoso, Frederico S.; Wiggers, William S.; Salmória, Gean V.
2010-09-01

Resumo em português O processo para obtenção de uma camada polimérica hidrofílica sobre um componente polimérico pode ser basicamente dividido em: tratamento de superfície do substrato, aplicação e cura do revestimento. O tratamento de superfície se faz necessário em função da grande diferença de polaridade comumente apresentada entre os materiais que compõem este conjunto e da baixa energia livre de superfície inerente aos principais materiais utilizados como substrato, fator (mais) es estes que dificultam a adesão entre eles. Neste trabalho foi avaliada a influência da técnica de tratamento de superfície através de exposição à chama sobre a tentativa de aumento da energia livre de superfície de tubos de poliamida 11. Amostras foram submetidas ao tratamento durante 5, 10, 20, 30 e 60 segundos, e posteriormente caracterizadas por goniometria, microscopia eletrônica de varredura, espectroscopia de infravermelho e resistência ao risco da camada depositada. Amostras não tratadas foram analisadas como parâmetro de controle das modificações. Os resultados mostraram um aumento da molhabilidade e rugosidade da superfície, além de uma melhoria na adesão da camada hidrofílica após o tratamento. Resumo em inglês The process of obtaining a hydrophilic polymer coating on a polymeric component or product can be basically divided into: the substrate surface treatment, the coating application and the cross-linking. The substrate surface treatment is crucial due to the possible large difference in polarity between the polymers and the substrate materials, which commonly have low free surface energy and may severely hamper adhesion. This study evaluated the influence of flame surface tr (mais) eatment for the attempt of increasing the free energy surface of polyamide 11 tubes. Samples were submitted to treatment for 5, 10, 20, 30 and 60 seconds, and subsequently characterized by goniometry, scanning electron microscopy, infrared spectroscopy and scratch resistance of the deposited layer. Untreated samples were analyzed as a control parameter of the changes. The results showed an increase in wettability and surface roughness, and also an improvement in the adhesion of the hydrophilic coating after treatment.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

5

Reutilização simulada de produtos médico-hospitalares de uso único, submetidos à esterilização com óxido de etileno/ Simulated reuse of single use medical devices submitted to ethylene oxide sterilization

Silva, Mônica Valero da; Pinto, Terezinha de Jesus A.
2005-06-01

Resumo em português Objetivando avaliar o risco/benefício da reutilização de produtos médico-hospitalares de uso único, aplicaram-se dois desafios simulados: um com esporos de Bacillus subtilis e outro com endotoxina bacteriana da Escherichia coli, em corpos de prova representados por cateteres intravenosos, torneira três vias e tubos de traqueostomia. Estes foram submetidos a ciclos de reprocessamentos simulados, sendo 300 unidades intencionalmente contaminadas com B. subtilis (10(7) (mais) ufc/unidade) e outro grupo de 90 unidades contaminadas com endotoxina bacteriana (200 UE/unidade). Os corpos de prova contaminados com B. subtilis foram lavados, enxaguados, secados e esterilizados em ETO/CFC 12:88. Os contaminados com endotoxina bacteriana foram submetidos à secagem, embalados e esterilizados. Após cada ciclo, dez unidades de cada corpo de prova contaminadas com B. subtilis foram avaliadas por contagem microbiana, testes de esterilidade, citotoxidade in vitro e microscopia eletrônica de varredura. Dos contaminados com endotoxina bacteriana, três de cada foram submetidos ao teste turbidimétrico após cada ciclo. No desafio com B. subtilis, verificou-se a presença de carga viável até 10³ ufc e ocorreram danos na integridade física dos corpos de prova após o décimo reprocessamento, mas não se evidenciou toxicidade. No outro desafio, verificou-se aumento progressivo da porcentagem recuperada de endotoxina bacteriana. Frente a estes resultados, tal prática não é recomendada. Resumo em inglês The risk/benefit associated with reprocessing practice of single use medical devices had been evaluated through two simulated challenges: one with spores of Bacillus subtilis and other with bacterial endotoxin of the Escherichia coli, in specimen samples represented by intravenous catheters, three-way stopcocks and tracheostomy tubes. The selected devices (300 units) were intentionally contaminated with B. subtilis (10(7) cfu/device) and other group of 90 devices contamin (mais) ated with bacterial endotoxin (200 EU/device). The B. subtilis contaminated specimen samples had been washed, rinsed, dried and sterilized with ETO/CFC 12:88. Those contaminated with bacterial endotoxin had been submitted to drying, repacking and sterilization. After each cycle, ten units, contaminated with B. subtilis, had been evaluated by microbial counting test, sterility test, in vitro cytotoxicity and scanning electron microscopy. Those contaminated with bacterial endotoxin, three units of each specimen sample, had been submitted to the turbidimetric test, after each cycle. Amongst the units challenged with B. subtilis, viable load of 10³cfu was verified, surface damages were noticed on the specimen samples after tenth reprocessing cycles, but no toxicity was observed. In the other challenge, a gradual increase in recovered percentage of bacterial endotoxin was verified. Taking into consideration the obtained results, we do not recommend reprocessing of single use medical devices.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

6

Método de impregnação química aplicado em tubos microporosos e membranas tubulares para a microfiltração de emulsões e suspensões de bactérias/ Method of chemical impregnation applied to microporous tubes and tubular membranes for the microfiltration of emulsions and bacteria suspensions

Del Colle, R.; Haneda, R. N.; Longo, E.; Godinho, M. J.; Fontes, S. R.
2008-03-01

Resumo em português Uma técnica de impregnação química via solução de precursor foi desenvolvida para formação de filmes finos em tubos microporosos e membranas tubulares. O desempenho desta técnica foi analisado no processo de microfiltração de emulsões (óleo vegetal/água) e de suspensões de bactérias (Escherichia coli) do soro residual do processamento de queijo. Os tubos microporosos (tamanho nominal 0,5 µm) foram impregnados com solução precursora de zircônia (e calci (mais) nados a 600 e 900 ºC) afim de influenciar na melhora do processo de desemulsificação e as membranas cerâmicas (tamanho nominal entre 0,8 µm e 1,2 µm) foram impregnadas com precursor (e calcinadas a 600 °C) para formação de prata metálica, para agir como bactericida na suspensão residuária de bactérias da indústria de queijo. O meio poroso impregnado foi caracterizado por meio de microscopia eletrônica de varredura. Os resultados da análise do permeado para valores do teor orgânico de carbono são respectivos ao tratamento de emulsões; o valor da contagem de bactérias via análise de plaqueamento é respectivo ao tratamento de suspensão de bactérias. Os resultados foram analisados e discutidos em função do desempenho e da influência da impregnação quanto à presença de zircônia ou prata para cada aplicação. Resumo em inglês A technique of chemical impregnation by precursor solution was developed for the formation of thin films in microporous tubes and tubular membranes. The performance of this technique was analyzed by the microfiltration process of emulsions (vegetable oil/water) and bacteria suspensions (Escherichia coli) of the whey of milk of cheese processing. The microporous tubes (nominal pore size 0.5 µm) were impregnated with a precursor zirconia solution and calcined at 600 and 90 (mais) 0 ºC to influence the improvement of the demulsification process. Ceramic membranes (nominal pore size between 0.8 µm and 1.2 µm) were impregnated with a silver precursor and calcined at 600 °C forming metallic silver to act as bactericide in the residual bacteria suspension of the dairy products. The impregnated porous medium was characterized by scanning electron microscopy. The results of the permeate analysis for values of organic carbon content refer to emulsion treatment and the value of counting of bacteria by plating analysis is related to the treatment of bacteria suspension. The results were analyzed as a function of the performance and influence of the impregnation regarding the presence of zirconia or silver for each application.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

7

Morfologia e aspectos intracelulares do vírus latente da couve/ Particle morphology and intracellular behavior of cole latent virus

Kitajima, E. W.; Camargo, I. J. B.; Costa, A. S.
1970-01-01

Resumo em português Partículas alongadas de 15 mµ de diâmetro e 650 mµ de comprimento normal foram consistentemente detectadas em exames electrono--microscópicos de preparações "leaf dip" de 6 espécies diferentes de plantas infetadas pelo vírus latente da couve (Brassica oleracea L. var. acephala) (VLC). Tais partículas são consideradas como sendo de um vírus que poderia ser incluído no grupo do vírus S da batata, na classificação dos vírus alongados de Brandes. Exames de se (mais) cções ultrafinas de tecidos foliar e radicular de couve infetada pelo VLC, demonstraram a ocorrência do VLC, formando agregados mais ou menos organizados no citoplasma. Não se notou alterações citológicas sensíveis como conseqüência da infecção, o que está de acordo com a ausência de sintomas externos em couve infetada pelo VLC. Resumo em inglês Electron microscopic examination of leaf dip preparations made from cole (Brassica oleraceaL. var. acephala), Chenopodium amaranticolorCoste & Reyn., radish (Raphanus sativusL.), mustard(Brassica albaBoiss. Rabenh.), bean (Phaseolus vulgaris L.)and Gomphrena globosaL. plants infected with cole latente virus (CLV) demonstrated consistently the presence of slender rods. These particles, considered as CLV, were about 15 mµ wide and 650 mµ in normal length (NL). The NL was (mais) determined in a series of comparative measurements using turnip mosaic virus (NL = 750 mµ) as a standard. Morphological characteristics of CLV permit its inclusion in the potato virus S group, in Brandes' system of classification of elongated plant viruses. Thin section profiles of root and leaf tissues, from CLV-infected cole, showed the frequent occurrence of fibrillar aggregates in the cytoplasm. The particles component of these aggregates were identified as CLV in situ due to the constant association with the infection and their mophological similarities with the particles found in leaf dip preparations. CLV-particles appeared with their longer axis laying side--by-side within these aggregates, often forming a spiral arrangement. Vesiculated areas were occasionally seen in the cytoplasm, with virions in or around them. Virus particles were found in most of the examined cells, except within the tracheids and sieve tubes in the leaf, and within the meristematic zone, in th root. Besides these abnormalities, no other remarkable changes in normal cell structure could be noticed, in agreement with the lack of external symptoms.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

8

Microscopia eletrônica de varredura do processo infeccioso de Ramularia areola em folhas de algodoeiro/ Scanning microscopy of the infectious process of Ramularia areola on cotton leaves

Curvelo, Carmen R. S; Rodrigues, Fabrício A; Berger, Paulo G; Rezende, Dalilla C
2010-04-01

Resumo em português Este trabalho teve como objetivo estudar o processo infeccioso de Ramularia areola, agente causal da ramulária, em folhas de algodoeiro utilizando-se a microscopia eletrônica de varredura. Plantas de algodoeiro da cultivar Nu-Opal no estádio V4 foram inoculadas com uma suspensão de 1,5 × 10(5) conídios mL-1 de R. areola. Amostras de folhas foram coletadas 12 horas após a inoculação (h.a.i.) e aos 12 e 22 dias após a inoculação (d.a.i.) e preparadas para ob (mais) servação no microscópio eletrônico de varredura. A partir das 12 h.a.i. após a inoculação das plantas, conídios de R. areola germinaram sem a formação de apressório e a maioria deles produziram dois tubos germinativos que cresceram em direção aos estômatos na tentativa de penetrá-los. Aos 12 e 22 d.a.i., as hifas de R. areola colonizaram, inter e intracelularmente, o mesófilo foliar e a esporulação ocorreu através dos estômatos presentes nas faces adaxial e abaxial da epiderme foliar. Resumo em inglês This study aimed to elucidate the infectious process of Ramularia areola, the causal agent of ramularia leaf spot, on cotton leaves by using scanning microscopy. Plants from cotton cultivar Nu-Opal at growth stage V4 were inoculated with a 1.5 × 10(5) conidial suspension of R. areola. Leaf samples were collected at 12 hours after inoculation (h.a.i.) and also at 12 and 22 days after inoculation (d.a.i.) and prepared to be observed under scanning electron microscope. (mais) At 12 h.a.i., conidia of R. areola started to germinate without formation of appressoria and most of them produced two germ tubes that grew towards the stomata in an attempt to penetrate them. At 12 and 22 d.a.i., hifa of R. areola colonized, inter and intracellularly, the mesophyll cells and sporulation occurred through the stomata present on both adaxial and abaxial leaf epidermis.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

9

Microscopia electrônica de microrganismos do tipo micoplasma nos tecidos de milho afetado pelo enfezamento e nos órgãos da cigarrinha vectora portadora/ Electron microscopy of mycoplasma-like organisms in corn stunt - Infected plant tissues and in the organs of the leafhopper vector

Kitajima, E. W.; Costa, A. S.
1972-01-01

Resumo em português Exames electrono-microscópicos de tecido foliar ou radicular de milho (Zea maysL.) afetado pelo enfezamento do milho, tanto a forma vermelha como a pálida, e de órgãos da cigarrinha vectora, Dalbulus maidisDe L. & W., portadora, demonstraram a ocorrência de corpúsculos pleomórficos, do tipo micoplasma, consistentemente associados a essa anomalia. Não se notou diferença na morfologia entre os microrganismos do tipo micoplasma associados às duas formas do enfezame (mais) nto da planta nem tampouco entre estes e os presentes no inseto vector. Verificou-se também que na planta esses corpúsculos do tipo micoplasma ocorriam somente nos vasos crivados, e que no inseto eles se achavam presentes em diversos tipos de tecidos de diferentes órgãos - tubo digestivo, músculo, túbulos de Malphigi, epiderme, gânglio nervoso, glândula salivar, tecido adiposo. Nas células do inseto, os corpúsculos ocorriam dispersos no citoplasma ou em cavidades limitadas por membrana. Resumo em inglês Corn stunt in São Paulo State is usually of minor importance during normal summer crops but might induce significant losses if corn is planted late in the season. It is transmitted by leaf - hopper Dalbulus maidisDe L. & W. and two different forms of this disease have been recognized the chlorotic, similar to the Rio Grande type of the U.S., and the red, resembling the Mesa Central type of Mexico. Electron microscopic examination of tissues from both affected plants or l (mais) eafhopper reared on diseased plants, demonstrated the presence of pleomorphic, mycoplasma-like bodies, consistently associated with the corn stunt, which probably represent the causal agent the latter. No significant difference could be observed in the morphology of these mycoplasma-like bodies associated with the two disease types or with the insect vector. In the affected plants, these corpuscles were only found in the sieve tubes; in the insect body they were detected in several types of tissues of different organs - intestine, Malphigian tubules, muscle, nervous ganglion, salivary gland, fat body, epidermis. In the insect cells, the pleomorphic bodies occurred either scattered in the cytoplasm or in cytoplasmic cavities bounded by membrane.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

10

Histopatologia da interação Alternaria solani e tomateiros resistente e suscetível/ Histopathology of the interaction between Alternaria solani and resistant and susceptible tomato plants

Araujo, José Cristino A. de; Matsuoka, Kiyoshi
2004-06-01

Resumo em português Para esclarecer a natureza da resistência à pinta-preta (Alternaria solani) em tomateiro resistente (Lycopersicon hirsutum var. glabratum) cv. CNPH 417 e suscetível (L. esculentum) cv. Miller, avaliou-se o processo de infecção, através da histopatologia. Às 6, 12, 24, 36, 48 e 72 h após as inoculações (h.a.i.) de suspensões de conídios, coletaram-se amostras de tecidos foliares que foram submetidas ao clareamento, à inclusão em resina para confecção de cor (mais) tes semifinos e ao processamento para microscopia eletrônica de varredura (MEV). Pela análise das amostras clareadas, observou-se que a germinação de conídios completou-se em 24 h.a.i. O crescimento de tubos germinativos foi similar na superfície de ambos os genótipos. Entretanto, os números de apressórios formados, de penetrações nos tecidos e de lesões foram inferiores no genótipo resistente. Com relação aos eventos pós-penetração, o desenvolvimento inicial de hifas primárias e secundárias, processos posteriores de colonização e desenvolvimento de lesões, bem como a ocorrência de formação de papilas sob apressórios e de reações de hipersensibilidade foram similares em ambos os genótipos. Para a maioria dos aspectos da patogênese de A. solani, portanto, o genótipo resistente CNPH 417 comportou-se de modo similar ao suscetível, cv. Miller, exceto quanto aos números de apressórios, de penetrações e de lesões. Assim, ficou evidenciado que a resistência de L. hirsutum var. glabratum (CNPH 417) a A. solani é expressa na fase de pré-penetração, principalmente pelo baixo número de apressórios formados. Resumo em inglês Light and scanning electron microscopy (SEM) were used to follow the infection process of Alternaria solani on leaves of resistant tomato (Lycopersicon hirsutum var. glabratum) cv. CNPH 417 and susceptible tomato (L. esculentum) cv. Miller. Conidial germination was completed 24 h after inoculation (h.a.i) and growth of germ tubes was similar on the leaf surfaces of both genotypes. However, on the resistant genotype the quantity of appressoria, tissue penetration and lesio (mais) ns were significantly less. The events after penetration were similar in both genotypes and included the initial development of primary and secondary hyphae, colonization processes and lesion development, frequency of formation of papilla and hypersensitive reactions. Although papilla production and hypersensitive reaction are considered as resistant reactions, they seem to have not contributed to the resistance of L. hirsutum var. glabratum to A. solani in this study. The resistant tomato genotype was similar to the susceptible one according to the aspects of pathogenesis studied, except regarding the number of appressoria, penetrations and lesions. Therefore, it was concluded that the resistance of L. hirsutum var. glabratum (CNPH 417) to A. solani is expressed during the pre-penetration phase of the fungus, mainly due to the low number of appressoria formed.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

11

Estudos histoplásticos da interação Colletotrichum gloeosporioides: cafeeiro/ Histopathological studies of the interaction Colletotrichum gloeosporioides: coffee tree

Pereira, Igor Souza; Abreu, Mario Sobral de; Alves, Eduardo; Ferreira, Josimar Batista
2009-01-01

Resumo em português Nos estudos envolvendo a interação Colletotrichum gloeosporioides-cafeeiro (Coffea arabica L.), poucas são as informações a respeito do modo de penetração e colonização deste patógeno. Estudou-se por meio da microscopia eletrônica de varredura (MEV), os eventos de pré-penetração e penetração de C. gloeosporioides em hipocótilos de cafeeiros e a colonização natural de ramos e frutos provenientes de plantas com mancha manteigosa. Realizaram-se três ensai (mais) os. No primeiro, fez-se a observação dos eventos de pré-penetração de C. gloeosporioides inoculados em hipocótilos de plântulas da cv. Acaiá Cerrado com e sem ferimentos; no segundo, observou-se a colonização de ramos enfermos em que havia murcha drástica e necrose local e, no terceiro, a colonização de frutos enfermos. A germinação dos conídios nos hipocótilos feridos ocorreu 6 horas após a inoculação, com a formação de um ou dois tubos germinativos terminais e a adesão dos conídios nas depressões dos hipocótilos. Apressórios globosos a subglobosos e de contorno regular surgiram 12 horas após a inoculação. Até 72 horas, não foi possível observar a formação de acérvulos sobre os tecidos submetidos à inoculação. Nos ramos observava-se colonização nos vasos floema e parênquima cortical. Nos frutos em diferentes estádios de maturação foi observada a colonização do tecido próximo à epiderme e colapso dos estômatos na área lesionada. Resumo em inglês In studies involving the interaction Colletotrichum gloeosporioides - coffee trees (Coffea arabica L.) there is little information regarding the pre-penetration, penetration and colonization pathways of this pathogen. The objectives of this work were: 1. to study through scanning electron microscopy (SEM) the pre-penetration and penetration events of C. gloeosporioides in hypocotyls of coffee plantlets; 2. to observe the colonization of Colletotrichum spp. in branches and (mais) fruits of coffee trees with blister spot symptoms. The study took place in three trials. In the first trial, it was observed and reported the pre-penetration events of C. gloeosporioides inoculated on hypocotyls of coffee cv. Acaiá Cerrado with and without wounds. The second trial was performed to investigate the colonization of diseased coffee branches that presented drastic wilt and local necrosis was observed. Finally the third trial investigated the colonization of this pathogen in diseased coffee fruits. When C. gloeosporioides was inoculated, germination could be observed in wounded hypocotyls 6 hours after inoculation. Better adhesion of conidia was evident at surface depressions of hypocotyls and germination started by emission of one or two terminal germ tubes. Round or sub-round shaped apressoria appeared 12 hours after inoculation. Up to 72 hours, acervula formation was not observed on inoculated tissues. The wilted branches presented colonization in the phloem and cortical tissues. In fruits at different stages of maturation, it was observed colonization in tissues near the epidermis and collapse of the stomata in the affected area.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

12

Estudos histopatológicos de Colletotrichum spp. em plântulas de cafeeiro/ Histopathologic study of Colletotrichum spp. in coffee plantlets

Lins, Severina R.O.; Abreu, Mário S.; Alves, Eduardo
2007-12-01

Resumo em português Objetivou-se neste trabalho, acompanhar pela microscopia eletrônica de varredura, os processos de infecção, colonização e reprodução de diferentes isolados de Colletotrichum spp. em plântulas de cafeeiro. Plântulas da cultivar Rubi produzidas por cultura de embrião foram inoculadas com 5µL de suspensão de esporos ajustada para 10(6) conídios mL-1, na região do hipocótilo e folhas, após ferimento com agulha entomológica. Os isolados avaliados foram Colleto (mais) trichum gloeosporioides (IH), obtido de ramos e (IF) de folhas de planta de café com sintomas de mancha manteigosa, C. dematium (ID) de cafeeiro sadio e C. gloeosporioides (IM) de casca de manga com sintomas de antracnose. Duas horas após as inoculações (HAI), fragmentos de folhas e hipocótilos foram transferidos para microtubos de 1,5mL contendo solução fixadora de Karnovsky modificado. As demais amostras foram coletadas 3, 5, 12, 16, 24, 48, 72, 96, 114 e 144 HAI. Os conídios de todos os isolados aderiram preferencialmente nas depressões dos órgãos inoculados, formando um septo e germinando cinco HAI (C. gloeosporioides) e doze HAI (C. dematium) emitindo tubos germinativos, tanto nas extremidades como lateralmente. Apressórios globosos, trilobulados, em forma de pé e de vírgula foram produzidos apenas por C. dematium (ID), 12 HAI; enquanto que C. gloeosporioides (IF), produziu apressórios globosos 24 HAI; os demais isolados não produziram apressórios. C. gloeosporioides isolados IH, IF e IM produziram células conidiogênicas 48 HAI. Acérvulos foram produzidos 72 HAI, por C. gloeosporioides (IH) e 96 horas por C. dematium. O isolado IM colonizou tecidos de plantas de cafeeiro, produzindo conidióforos, no entanto, sem produção de acérvulo. Os isolados mais agressivos foram IH e IF. Resumo em inglês The objective of this work was to follow the process of infection, colonization and reproduction of different isolates of Colletotrichum spp. in coffee plantlets, obtained by embryo culture, using scanning electron microscopy. The embryo explants were obtained from coffee seeds cv. Rubi. Plants produced in vitro were inoculated with 5µL of a 10(6) conidia.mL-1 spore suspension, on the hypocotyl region and leaves, wounding with an entomological needle. Isolates of Colleto (mais) trichum gloesporioides were obtained from stem (IS) and leaves (IL) from plants with symptoms of greasy leaf spot, and from mangos with symptoms of anthracnose (IM). Isolates of Colletotrichum dematium were obtained from healthy coffee plants. Three hours after inoculation (h.a.i.), leaves and hypocotyl fragments were transferred to 1.5mL-microtubes containing modified Karnovsky's fixative solution. Further samples were collected at 3, 5, 12, 16, 24, 48, 72, 96, 114 and 144 h.a.i. Conidia of all isolates adhered more frequently in the depressions of hypocotyls and guard-cells, forming a septum 5 h.a.i. Germ tubes were observed 12 h.a.i. starting from the extremities as well as laterally in the conidia. Appressoria were produced by C. dematium (globoses, trilobullated and foot and comma-shaped), and C. gloeosporioides, respectively globoses, 24 h.a.i. C. gloeosporioides (IH and IF) produced conidiogenic cells 48 h.a.i. Acervuli were produced 72 h.a.i. by C. gloeosporioides (IH), 96 h.a.i. by C. dematium. C. gloeosporioides isolated from mango colonized coffee plant tissues, producing conidiogenic cells without production of acervuli. The most aggressive isolates were IS and IL.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

13

Estudo da degradação "in vivo" de poli(L-co-D,L-ácido láctico) aplicado como prótese para regeneração nervosa periférica/ Study of "in vivo" degradation of poly(L-co-D,L-lactide acid) applied as prosthesis for peripherical nervous regeneration

Baraúna, Grazielle S.; Pierucci, Amauri; Oliveira, Alexandre de; Duarte, Márcia A. T.; Duek, Eliana A.R.
2007-01-01

Resumo em português A regeneração nervosa periférica auxilia na regeneração axonal e reorganização das fibras, atuando em lesões resultantes de esmagamento e secção do nervo. Nesse trabalho estudou-se a regeneração do nervo ciático utilizando-se tubos de poli(L-co-D,L-ácido láctico) preparados a partir de membranas obtidas por evaporação de solvente. Os tubos foram implantados no nervo ciático de 20 ratos da linhagem Spreague Dawley, durante 4, 8 e 12 semanas, sendo analisa (mais) dos por Calorimetria diferencial de varredura (DSC), Microscopia eletrônica de varredura (MEV), Cromatografia de permeação a gel (GPC), Análise termogravimétrica (TGA). O nervo regenerado foi avaliado pela técnica de Microscopia de luz (MO). Verificou-se um aumento do diâmetro do nervo em função do processo de degradação do tubo. Análises de DSC e GPC do PLDLA mostraram Tg em 57ºC e massa molar (Mw) de 197 989 gmol-1, respectivamente. Foram observadas nítidas variações nesses valores após 8 semanas de degradação, com Tg em 40ºC e Mw de 170000 g.mol-1. Dados de TGA também indicaram o processo de degradação com Ti em 333 ºC, antes da degradação e 305ºC, após 12 semanas. MEV mostrou formação de poros após 8 semanas de degradação. Esse estudo mostrou que tubos de PLDLA são promissores para a regeneração do nervo ciático. Resumo em inglês The peripherical nervous regeneration can help the axonal regeneration and fiber reorganization, performing in nerve injury after trauma. In the present study the regeneration of sciatic nerve was observed inside the poly(L-lactide acid-co-D,L-lactide acid) tubes made with membranes obtained by solvent evaporation The tubes were implanted around the sectioned sciatic nerves of 20 rats Spreague Dawley and analized after 4, 8 and 12 weeks by differential scanning calorimetr (mais) y (DSC), scanning electron microscopy (SEM), gel permeation chromatography (GPC), thermogravimetric analysis (TGA) and the nerve regeneration was analyzed by light microscopy (LM). It was verified an increase of nerve diameter in function of tube degradation process. DSC and GPC analysis of PLDLA showed Tg at 57ºC and molar mass (Mw) of 197 989 gmol-1, respectively. Nitid variations of these values were observed after 8 weeks of degradation, with Tg at 40ºC and Mw of 170000 gmol-1 . TGA data also indicated degradation process with Ti at 333 ºC before degradation and 305ºC after 12 weeks. SEM showed formation of pores after 8 weeks of degradation This study indicated that the PLDLA tubes are promissing to regeneration of sciatic nerves.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

14

Estudo da Degradação In Vitro de Blendas de Poli(p-dioxanona)/Poli(l-Ácido Láctico) (PPD/PLLA) Preparadas por Evaporação de Solvente/ Degradation of Poly (L-Lactic Acid) (PLLA) and Poly-p-Dioxanone (PPD) Blends Prepared by Casting: In Vitro Study

Pezzin, Ana P. T.; Zavaglia, Cecília A. C.; Duek, Eliana A. R.
2002-10-01

Resumo em português Blendas de dois polímeros semi-cristalinos biorreabsorvíveis, o poli(ácido láctico) (PLLA) e a poli(p-dioxanona) (PPD), foram preparadas por evaporação de solvente em diferentes composições. As blendas foram imersas em tubos de ensaio contendo solução tampão fosfato (pH = 7,4) em um banho termostatizado a 37 ± 1 °C e avaliadas por calorimetria diferencial de varredura (DSC), análise termogravimétrica (TGA) e microscopia eletrônica de varredura (MEV). Fo (mais) i observado através do estudo in vitro que o PLLA apresenta uma taxa de degradação mais lenta que a PPD e que as blendas apresentam taxa de degradação intermediária, mostrando que é possível variar a taxa de degradação das blendas alterando sua composição. Resumo em inglês Blends of two crystalline bioreabsorbable polymers, poly(L-lactic acid) (PLLA) and poly(p-dioxanone) (PPD), have been prepared by solvent casting in different compositions. The blends were immersed in tubes containing a phosphate buffer solution (pH = 7.4) in a thermally controlled bath of 37 ± 1°C and studied by differential scanning calorimetry (DSC), thermogravimetric analysis (TGA) and scanning electron microscopy (SEM). It was observed by in vitro study that PLL (mais) A has a slower degradation rate than PPD and the blends presented an intermediate degradation rate. This shows that it is possible to vary the degradation rate of the blend by changing its composition.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

15

Aplicação da norma astm A923-Prática a para identificação de fases intermetálicas em junta soldada de aço inoxidável superduplex UNS 32750/ ASTM A923-Practice A application to identify intermetallic phases in a UNS S32750 superduplex welded joint

Brandi, Sérgio Duarte; Silveira, Lauro M.Y.; Vasconcellos, Daniel L.B.
2010-03-01

Resumo em português Os aços inoxidáveis duplex e superduplex apresentam propriedades superiores aos aços inoxidáveis convencionais. Essa superioridade é baseada na composição química e em uma microestrutura balanceada (aproximadamente 50% de ferrita). Durante a soldagem podem ocorrer alterações, tanto na composição química, como na fração volumétrica das fases presentes, que podem gerar a presença de fases intermetálicas, que alteram as propriedades originais desses aços. (mais) O objetivo deste trabalho é de aplicar a norma ASTM A923-Prática A para verificar a presença de fases intermetálicas na junta soldada de aço inoxidável superduplex UNS 32750. Foram soldados tubos de UNS 32750 com diâmetros externos de 18 e 44 mm e espessura de 1,5 mm. O processo utilizado foi o TIG orbital, com adição de 25Cr-10Ni-4Mo e diâmetro de 0,8 mm. O metal de base e as juntas soldadas foram caracterizados tanto em microscopia óptica como em microscopia eletrônica de varredura. Os resultados mostraram que não houve a precipitação de fases intermetálicas detectadas pela norma ASTM A923, porém na ZAC dos dois tubos estudados apareceram pequenas regiões com precipitação de nitretos de cromo, que também podem alterar as propriedades das juntas soldadas. Resumo em inglês Duplex and superduplex stainless steels present superior mechanical and corrosion properties when compared to usual stainless steels. This superiority is based on chemical composition when in a balanced microstructure (approximately 50% of ferrite). During welding, changes may occur in both, the chemical composition and volume fraction of phases in the material, which may generate the presence of intermetallic phases and, as a consequence, modify the mechanical and corros (mais) ion properties of this group of stainless steels. The objective of this work is to apply ASTM A923- Practice A to verify the presence of intermetallic phases in welded joints of UNS 32750 su-perduplex stainless steel. Tubes of UNS 32750, with external diameters of 18 and 44 mm and a thickness of 1.5 mm, were welded using orbital GTAW, with filler metal 25Cr-10Ni-4Mo and a diameter of 0.8 mm. The metal-based and welded joints were characterized by optical and scanning electron microscopy. The results showed that there was no precipitation of the intermetallic phase, such as sigma phase, detected by ASTM A923, but the HAZ of the two tubes studied presented small regions with chromium nitrides, which can also change the properties of welded joins.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)