Sample records for earthquakes
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 6 shown.



1

A relação entre o social e o natural nas abordagens de hazards e de desastres/ The relation between the social and the natural in the approach of hazards and disasters

Mattedi, Marcos Antônio; Butzke, Ivani Cristina
2001-12-01

Resumo em português O artigo aborda as teorias dos Hazards e dos Desastres. Nos últimos anos estas duas tradições teóricas têm recebido novos impulsos pela renovação de seus marcos de referência conceitual. Construídas em torno de uma longa tradição de pesquisa empírica, estas teorias explicam os impactos provocados por fenômenos como enchentes, terremotos, tornados e epidemias mediante a integração analítica das dimensões natural e social. Neste sentido, seu estudo pode fornecer subsídios para a interpretação destes problemas no Brasil. Resumo em inglês The article deals with the theory of hazards and disasters. Over the past years, these two theoretical traditions have received new impulse through the renovation of their conceptual foundations. Constructed around a long tradition of empirical research, these theories explain the impacts brought by phenomena like floods, earthquakes, tornadoes and epidemics through the analytical integration of social and natural dimensions. In this regard, its study may provide grants in order to interpret these problems in Brazil.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

Precursores log-periódicos de eventos catastróficos: a quebra de 1999 como exemplo ilustrativo/ Log-periodic precursors to catastrophic events: the 1999 crash as a case study

Julião, C.J.S.; Gleria, Iram; Cavalcanti, Solange; Viswanathan, G.M.
2008-01-01

Resumo em português Grandes terremotos, ruptura em materiais complexos, quebra de bolsa de valores: todos podem ser vistos como catástrofes - a repentina transição de um estado calmo para uma crise. Seria possível uma previsão desses eventos? Uma abordagem unificada para a modelagem e previsão de catástrofes foi proposto por D. Sornette, numa teoria baseada no conceito de log-periodicidade. Neste artigo discutimos o potencial de previsibilidade dessa teoria e a demonstramos em problem (mais) as relacionados a quebras de bolsas de valores. Também apresentamos um estudo inédito do método de previsão ao Índice da Bolsa de Valores de São Paulo, IBOVESPA. Buscamos evidências de comportamento log-periódico, comparando um período sem quebras com o período antes da quebra de 14 de janeiro de 1999. A eficiência e a relativa simplicidade do método servem de grande incentivo a estudantes de graduação, sempre ávidos para ver a teoria sendo posta em prática. Resumo em inglês Large earthquakes, rupture in complex materials, stock market crashes: all can be viewed as catastrophes - the sudden transition from a quit state to a crisis. Would it be possible to forecast these events? A unified framework for the modeling and forecasting of catastrophes was proposed by D. Sornette, based on the concept of log-periodicity. In this article we discuss the potential for predictability of this theory and we illustrate it in problems related to stock marke (mais) t crashes. We study this method of forecasting applied to the the stock market index of the BOVESPA São Paulo Stock Exchange, IBOVESPA. We seek evidence of log-periodic behavior, comparing a period without crashes to the period before the crash of 14 January 1999. The efficiency and the relative simplicity of the method serve as incentive to undergraduate students eager to see the theory being put to practice.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

Porque as bolsas de valores quebram: a origem das caudas grossas nas distribuições de retornos/ Why stock markets crash: the origin of fat tailed distributions of returns

Nascimento Jr., H.B. do; Fulco, U.L.; Lyra, M.L.; Serva, M.; Viswanathan, G.M.
2007-01-01

Resumo em português Um problema importante na física concerne a origem dos grandes eventos na dinâmica de sistemas complexos, tais como terremotos, epidemias, extinção de espécies e quebras nas bolsas de valores. Aqui revisamos recentes avanços sugerindo que os grandes eventos na dinâmica dos mercados financeiros surgem dos efeitos de memória de longo alcance. Estudamos as distribuições nos mercados financeiros medidas em diferentes intervalos de tempo tau e comparamos esses result (mais) ados com aqueles que foram posteriormente obtidos embaralhando os dados com o objetivo de reduzir a memória. Especificamente, destruindo todas as correlações embaralhando a ordem dos retornos, mas sem mudar a distribuição tau = 1 d, significa reduzir a probabilidade dos eventos raros. A distribuição dos retornos para tau > 1 d perde as caudas grossas e adquire um formato mais Gaussiano. Entretanto, embaralhando só os sinais - mas não o módulo - dos retornos permite as caudas grossas e os grandes eventos persistirem para tau > 1 d. A partir desses resultados, podemos concluir que os grandes eventos são causados pela conhecida correlação de longo alcance multifractal no módulo das séries temporais financeiras. Resumo em inglês An important problem in physics concerns the origin of very large events in the dynamics of complex systems, such as large earthquakes, pandemics, mass extinctions and financial crashes. Here we review recent advances that suggest that the largest events in the dynamics of stock markets are due to long-range memory effects. We have studied the distributions of stock returns measured over different time lags tau and compared the results with those obtained after shuffling (mais) the data to reduce the memory. Specifically, destroying all correlations by shuffling the order of the returns, but without changing the tau = 1 d distribution, significantly reduces the probability of very large events. The distribution of returns for tau > 1 d loses the fat tails and acquires a more Gaussian shape. However, shuffling only the signs-but not the modulus-of the returns allows the fat tails and large events to persist for tau > 1 d. From these results, one can conclude that the very large events are caused by known multifractal long-range correlations in the modulus of the financial time series.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

4

A influência da mídia nos atendimentos cardiológicos de urgência: o caso Bussunda/ Impact of media coverage on cardiac emergency care: the Bussunda case

Taberner, Juliana Sobreira; Leite, Pedro Colli Badino de Souza; Cutait, Martin Mendonça; Takada, Julio; Mansur, Antônio de Pádua; Caramelli, Bruno
2007-08-01

Resumo em português Convulsões sociais associadas a catástrofes como enchentes, terremotos e ataques aéreos apresentam maior incidência de infarto do miocárdio. A morte prematura de personagens da mídia com forte apelo popular podem representar fenômenos semelhantes. OBJETIVOS: Analisar o impacto da mídia sobre o serviço de atendimento de emergência do InCor. MÉTODOS: Através do banco de dados do InCor, foi analisado o perfil demográfico dos pacientes atendidos nos dias subseqü (mais) entes às repercussões na imprensa leiga da morte por infarto agudo do miocárdio de um importante personagem da mídia (Grupo Bussunda). Esses pacientes foram comparados com um Grupo Controle representado pelos atendimentos no primeiro semestre de 2006. RESULTADOS: Comparado ao Grupo Controle, o grupo Bussunda (Grupo B) apresentou mudanças que foram estatisticamente significativas e foram representadas pela redução da faixa etária e pelo aumento do número de homens atendidos em relação a mulheres. Este achado refletiu uma aproximação do primeiro grupo com o perfil do personagem em questão (homem, 43 anos de idade). Estas mudanças persistiram por quatro dias em relação à idade e por um dia em relação ao gênero. Apesar do aumento absoluto dos atendimentos, não ocorreu aumento do número de óbitos e de internações por infarto do miocárdio. CONCLUSÃO: A divulgação pela mídia das circunstâncias e da morte prematura por infarto agudo do miocárdio de um personagem importante provocou aumento do número de atendimentos e alterações do perfil demográfico dos pacientes que procuram o serviço de emergência cardiológica, sem que houvesse interferência no número de óbitos ou de internações. Resumo em inglês INTRODUCTION: Social turmoil associated with catastrophes such as flooding, earthquakes or air raids bring about an increased incidence of acute myocardial infarction. Premature death of media personalities with a strong public appeal may cause similar phenomena. OBJECTIVE: To analyze the impact of this media coverage on the emergency service at a Heart Hospital in Brazil (InCor). METHODS: Demographic profiles of patients collected from the InCor's database were analyzed (mais) in the days following the death of an important TV personality (Group B). These patients were compared to a Control Group represented by those attended during the first semester of 2006. RESULTS: When compared to the Control Group, Group B disclosed the following significant statistical changes: patients were younger and more of them were male. These findings reflect a change of profile in the control group tending to a greater similarity with the characteristics of the TV personality (man, 43 years old). These changes remained significant for four days (age) and one day (gender). Furthermore, the greater demand for the cardiologic emergency service was not followed by an increased number of deaths and hospitalizations for acute myocardial infarction. CONCLUSION: Media exposure on the circumstances of premature death by myocardial infarction of an important TV personality was associated with an increase in the number and a change in the profile of the patients seeking the emergency room at the InCor Heart Hospital. Differently from a situation such as catastrophes, this phenomenon was not followed by an increase in the incidence of myocardial infarction

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

5

Zona de fratura de Vitória-Trindade no Oceano Atlântico sudeste e suas implicações tectônicas

Alves, Eliane da Costa; Maia, Márcia; Sichel, Susanna Eleonora; Campos, Cristina Maria Pinheiro de
2006-03-01

Resumo em português A integração de dados geológicos e geofísicos permitiu um melhor entendimento da inter-relação entre estruturas oceânicas e continentais. Fenômenos tectônicos e magmáticos do Meso-Cenozóico do Sudeste Brasileiro podem ter sido condicionados pelo prolongamento das zonas de fratura oceânicas em direção à margem continental. O foco deste trabalho é a evolução da Zona de Fratura de Vitória-Trindade (ZFVT). A Zona de Fratura de Vitória-Trindade (ZFVT), loca (mais) lizada na latitude de 18º40' na Cordilheira Mesoatlântica (CMA), foi mapeada utilizando-se sísmica de reflexão, gravimetria e isócronas magnéticas. A ZFVT na CMA corresponde a um deslocamento axial em torno de 6 km, configurando uma descontinuidade de segunda ordem. O segmento assísmico da ZFVT é definido por uma depressão gravimétrica de direção E-W. Sua extensão para oeste corresponde à Cadeia Vitória-Trindade, representada por altos topográficos individualizados, que limitam desníveis crustais de mais de 400 m e províncias sedimentares de características e espessuras distintas. Esta região cortada pela intrusão de diques (alguns aflorando na superfície) e sills, indica instabilidade tectônica com a movimentação de falhas e ocorrência de estruturas transpressivas (estruturas em flor), elevando toda a coluna sedimentar incluindo o assoalho oceânico. Estas observações sugerem reativações recentes da crosta oceânica com esforços alternantes, ora compressivos ora distensivos, associados a vulcanismos e falhamentos normais. Evidências geológicas e geofísicas, além do mapeamento do alinhamento de epicentros de terremotos, sugerem que o prolongamento da ZFVT está relacionado ao Alto de Vitória e ao tectonismo e magmatismo na porção emersa, representado pelo Lineamento Sismo-Magmático Alcalino Trindade-Paxoréu / Alto do Paranaíba. Propõe-se que a ZFVT atuou e continua atuando como conduto para o magmatismo da Pluma Mantélica de Trindade. Resumo em inglês The integration of geological and geophysical data allowed a better understanding of the inter-relation between the oceanic and continental structure. Tectonic and magmatic phenomena of the Meso-Cenozoic were probably related to the prolongation of oceanic fracture zones into the Brazilian Southeast continental margin. This work will focus on the behaviour of the Vitória-Trindade Fracture Zone (VTFZ). The Vitória-Trindade Fracture Zone (VTFZ), located at 18º40S in the (mais) Mid-Atlantic Ridge (MAR), was defined by seismic, gravity and magnetic isochrones. At the MAR axis the VTFZ corresponds to a second-order discontinuity, with a 6 km axial offset. Away from the ridge axis, potential field data shows a gravimetric depression in E-W direction, which represents the asseismic portion of the VTFZ. Towards the Brazilian Continental Margin there is a series of topographic highs defining the Vitória-Trindade Chain, which is divided into distinct sedimentary thickness and tectonic domains. This area is cut by sills and dikes, indicating tectonic instability, remobilization of faults and strike-slip tectonics which has uplifted the entire sedimentary column, including the oceanic bottom. All of these observations suggest recent oceanic crust reactivation with alternations of compressive and extensional stress associated with volcanism and normal faulting. Geological and geophysical studies, in addition to mapping the earthquakes epicenters, suggest that the continuation of the VTFZ that occurs onland is related to the Vitória High and to tectonic and volcanic activities, which are expressed by the Trindade-Paxoréu /Alto do Paranaíba Alkalic Magmatic and Seismic Lineaments. We propose that the VTFZ acts as a pathway for the magma generated by the Trindade Mantle Plume.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

6

Variação da actividade sísmica ao longo do ano na Península Ibérica

Rodrigues, Maria Cecília Marques
2006-01-01

Resumo em português Pretende-se averiguar a existência de variação significativa do número de sismos ocorridos na Península Ibérica ao longo do ano. Estudos anteriores apontavam para a existência desta variação, indicando ser mais provável a ocorrência de sismos em certas épocas do ano, não se tendo feito contudo uma análise quantitativa. Utilizou-se um modelo de simulação do processo de ocorrências sísmicas na Península Ibérica para gerar uma amostra de ocorrências sís (mais) micas que permitisse averiguar a existência de variação significativa do número de sismos ao longo do ano. Uma vez detectada esta variação, a identificação das épocas com maior número de ocorrências foi efectuada com base num catálogo sísmico. Estudaram-se separadamente sismos de qualquer magnitude, sismos de fraca, média e forte magnitude. Constatou-se a existência de variação significativa do número de ocorrências sísmicas ao longo do ano, atenuando-se esta variação à medida que a magnitude dos sismos aumenta. Deste modo, para sismos de fraca magnitude, a época do ano em que ocorre maior número de sismos corresponde aos meses de Fevereiro, Março Abril e Junho. Para sismos de média magnitude o maior número de ocorrências sísmicas verifica-se nos meses de Fevereiro e Outubro. Para sismos de forte magnitude não se detectou variação significativa de ocorrências sísmicas ao longo do ano. Resumo em inglês The objective is to research on the existence of a significant variation in the number of earthquakes in the Iberian Peninsula throughout the year. A simulation model for the process of seismic activity in the Iberian Peninsula was used to create a sample of seismic occurrences that would allow to research the existence of a significant variation in the number of earthquakes throughout the year. Once this variation was detected the periods with greater number of seismic o (mais) ccurrences were identified based on a seismic catalogue. The existence of a significant variation in the number of seismic occurrences throughout the year was verified. This variation lessened as the seismic magnitude increased. Therefore, February, March, April and June were months in which the highest number of light earthquakes were registered. Earthquakes registering a moderate magnitude occurred mostly in February and October. No significant variation of seismic occurrences was detected throughout the year for earthquakes registering a strong magnitude.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)