Sample records for dose fractionation
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 5 shown.



1

Fracionamento e disponibilidade de zinco por diferentes extratores em solos incubados com lodo de esgoto/ Zinc fractionation and availability by different extractants in sewage sludge-incubated soils

Araújo, Josângela do Carmo Trezena de; Nascimento, Clístenes Williams Araújo do
2005-12-01

Resumo em português O lodo de esgoto pode constituir um problema ambiental em virtude da necessidade de adequada disposição final. Dado seu elevado teor de matéria orgânica e nutrientes, tem-se considerado a possibilidade de sua utilização como fertilizante; entretanto, alguns cuidados relacionados com a biodisponibilidade e a forma de metais pesados no solo devem ser observados. No caso do Zn, um dos metais em maior teor no lodo de esgoto, o conhecimento das formas e as relações com (mais) os teores disponíveis são importantes para a previsão do comportamento desse metal no solo. Este trabalho objetivou avaliar a distribuição entre diferentes frações (trocável, matéria orgânica, óxido de ferro amorfo, óxido de ferro cristalino, residual) e a disponibilidade de Zn pelos extratores DTPA, EDTA, Mehlich-1 e Mehlich-3 em solos incubados com lodo de esgoto e suas relações com a absorção de Zn por plantas de milho. Foram utilizados dois tipos de solos (Argissolo e Latossolo) com diferentes características, aos quais foram adicionadas cinco doses de lodo de esgoto (equivalentes a 0; 40,5; 81; 162 e 243 Mg ha-1). Após período de incubação de 180 dias, a incorporação do lodo de esgoto proporcionou aumento na produção de matéria seca da parte aérea do milho e ausência de toxidez de Zn nos dois solos. A dose máxima de Zn a ser adicionada por lodo de esgoto mostrou-se segura quanto à contaminação de Zn nos solos e plantas, para as condições estudadas, conforme preconizam as normas da USEPA. Os maiores teores de Zn foram encontrados nas frações: Residual > Matéria Orgânica > Trocável > Óxido de Ferro Cristalino > Óxido de Ferro Amorfo. A maior recuperação de Zn das amostras foi obtida com os extratores ácidos (Mehlich-1 e Mehlich-3); no entanto, todos foram eficientes na predição da disponibilidade do elemento. Resumo em inglês The final disposal of sewage sludge has become a cause of environmental concern. Because of its high content of both organic matter and plant nutrients, sewage sludge has been used as fertilizer. However, it is important to know the fractions and bioavailability of heavy metals in sludge-amended soils. In the case of zinc, one of the most abundant metals in sewage sludge, knowledge on forms and plant availability are important to predict its behavior in soils. The present (mais) experiment was carried out to evaluate the Zn distribution across different soil fractions after incubation with sewage sludge. In addition, Zn availability was evaluated by DTPA, EDTA, Mehlich-1, and Mehlich-3 extractants as well as its relationship with Zn uptake by corn plants. Five sewage sludge doses (0; 40.5; 81; 162; and 243 Mg ha-1) were added to two chemically and physically contrasting soil samples. After a 180 day-period incubation, sludge applications increased corn shoot dry weight, with no Zn toxicity symptoms in both soils. The EPA recommended Zn dose was safe regarding Zn contamination of soils and plants. The Zn content in several soil fractions follow the order: Residual > Organic matter > exchangeable > crystaline iron oxide > amorphous iron oxide. Mehlich-1 and Mehlich-3 extractants presented the highest Zn recovery, but all of them were effective to predict Zn availability.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

Remobilização de resíduos ligados de 14C-atrazina em ácidos fúlvicos/ Remobilization of 14C-atrazine bound residues in fulvic acids

Peixoto, Maria de Fátima da Silva Pinto; Lavorenti, Arquimedes; Regitano, Jussara Borges; Tornisielo, Valdemar Luis; Peixoto, Clóvis Pereira; Sampaio, Luciano Soares de Vasconcelos; Sampaio, Heraldo Soares de Vasconcelos
2005-04-01

Resumo em português Objetivou-se avaliar em condições de laboratório a remobilização dos resíduos ligados de 14C-atrazina em ácidos fúlvicos em dois solos do Estado de São Paulo. Incubaram-se 100g dos solos Latossolo Vermelho Escuro (LE) e Glei Húmico (GH) durante 49 dias, com os tratamentos: testemunha, palha de milho (1,5g) e glicose + peptona (0,2g) em potes tipo compota, com dose radioativa de 28,033 KBq (100%). Utilizaram-se 10mL de NaOH 0,2 moles L-1 para captura do 14CO2 des (mais) prendido. A dessorção foi feita com CaCl2, a extração com acetonitrila: água (8:2) e o fracionamento da matéria orgânica foi baseado nas solubilidades em ácidos e bases das substâncias húmicas. Os extratos obtidos foram analisados quanto à radioatividade e valores de Razão de Frente. Os dois solos apresentaram uma baixa mineralização dos resíduos ligados de 14C-atrazina em ácidos fúlvicos. A remobilização para os ácidos húmicos e humina foi pequena, principalmene no GH. A adição dos tratamentos não influencia a mineralização nem a disponibilidade dos resíduos ligados de 14C-atrazina em ácidos fúlvicos. A atrazina foi completamente degradada à hidroxiatrazina e desetilatrazina. Resumo em inglês The experiment was carried out under laboratory conditions in order to know the remobilization of 14C-atrazine bound residues in two soils from São Paulo State. Hapludox and Umbraquults soils were incubated for 49 days with 14C-atrazine in special flasks. The 14CO2 evolution was measured according to COSTA (1992). The extraction by solvent and organic matter fractionation were made following LAVORENTI et al. (1997). The extracts obtained were analyzed for their radioacti (mais) vity and RF values of TLC. The atrazine mineralization from the Umbraquults soil was of minor importance for its detoxification. The hidroxiatrazine was the main metabolite of the atrazine found in both soils. The greatest percentage of atrazine bound residues was found in the humine and fulvic acid fractions, followed by humic acids.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

Solubilidade, fracionamento e fitoextração de metais pesados após aplicação de agentes quelantes/ Solubility, phytoextraction and fractionation of heavy metals as a function of chelating agents applied to soil

Melo, Évio Eduardo Chaves de; Nascimento, Clístenes Williams Araújo do; Santos, Ana Cristiane Queiroz
2006-12-01

Resumo em português A baixa biodegrabilidade de quelantes sintéticos usados para induzir a fitoextração resulta em alto risco ambiental pela possibilidade de lixiviação de metais pesados. Agentes quelantes naturais, mais rapidamente degradados no solo, podem ser uma alternativa para os quelantes sintéticos. O objetivo deste trabalho foi comparar a performance de ácidos orgânicos naturais (gálico, cítrico e oxálico) com ácidos sintéticos (EDTA, DTPA e NTA) na fitoextração induz (mais) ida de metais. O solo foi contaminado com 500, 300 e 200 mg kg-1 de Pb, Zn e Cu, respectivamente, e cultivado com milho (Zea mays) e mucuna preta (Stizolobium aterrimum). Os agentes quelantes, na dose de 10 mmol kg-1, foram aplicados no solo sete dias antes da coleta das plantas. Amostras do solo foram submetidas à extração com CaCl2 e fracionamento. Os teores dos metais na solução do solo foram também determinados. Os quelantes sintéticos EDTA, DTPA e NTA foram eficientes na solubilização dos metais pesados no solo. Dentre os ácidos orgânicos naturais, apenas o ácido cítrico foi eficiente na solubilização dos metais nas primeiras vinte e quatro horas após a sua aplicação. A distribuição dos metais entre as frações apresentou a seguinte ordem: Pb: matéria orgânica (MO) > óxido de Fe amorfo (OxFeA) > trocável (Tr) > óxido de Fe cristalino (OxFeC); Cu: MO > Tr > OxFeC > OxFeA; e Zn: MO > Tr > OxFeC > OxFeA. De modo geral, a adição dos quelantes sintéticos provocou aumento nos teores trocáveis de Pb e Cu e redução nos teores de Pb, Cu e Zn nas frações óxidos de Fe amorfo e cristalino. O extrator CaCl2 0,01 mol L-1 pode ser utilizado para predição da concentração de Pb, Cu e Zn na solução do solo. Resumo em inglês The low biodegradability of synthetic chelating agents used for phytoextraction poses a great environmental risk due to the potential for metal leaching. Natural chelating agents can be an alternative to synthetic chelates due to their rapid biodegrability. The study aimed to compare the performance of natural organic acids (gallic, citric, and oxalic) to synthetic chelates/acids EDTA, DTPA, and NTA for induced phytoextraction of Pb, Cu and Zn by corn (Zea mays) and velve (mais) tbean (Stizolobium aterrimum). Soil samples were contaminated to concentrations: 500 (Pb), 300 (Zn), and 200 (Cu) mg kg-1, and cultivated for 35 days. The chelators were applied at 10 mmol kg-1 seven days before harvest. Soil samples were submitted to chemical extraction by CaCl2 and chemical fractionation. Heavy metal concentrations in the soil solution were also determined. EDTA, DTPA, and NTA were effective at solubilizing the heavy metals. Citric acid was efficient to solubilize metals in the first 24 h after application. The metal distribution across soil fractions followed the sequence: Pb: MO > OxFeA > Tr > OxFeC; Cu: MO > Tr > OxFeC > OxFeA; and Zn: MO > Tr > OxFeC > OxFeA. In general, synthetic chelators increased the exchangeable contents of Pb and Cu and decreased Pb, Cu, and Zn contents in the amorphous and crystalline iron oxides fractions. The extractant CaCl2 0.01 mol L-1 can be used to predict Pb, Cu, and Zn concentrations in soil solution.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

4

Seqüelas endócrinas da radioterapia no tratamento do câncer na infância e adolescência/ Endocrine sequelae after radiotherapy in childhood and adolescence

Couto-Silva, Ana Cláudia; Brauner, Raja; Adan, Luís Fernando
2005-10-01

Resumo em português A radioterapia resulta em endocrinopatias, osteoporose, obesidade e seqüelas neurológicas em pacientes tratados por câncer. A deficiência de GH é a complicação mais freqüente no eixo hipotálamo-hipofisário. A freqüência, prazo de surgimento e gravidade da deficiência de GH dependem da dose recebida durante a irradiação craniana, mas idade à radioterapia e fracionamento da dose também são variáveis importantes. Outras anormalidades do eixo hipotálamo-hi (mais) pofisário são igualmente dose-dependentes. Baixas doses de irradiação induzem puberdade precoce ou avançada, enquanto altas doses provocam deficiência gonadotrópica. Complicações endócrinas secundárias à irradiação periférica, como distúrbios gonadais ou tireoidianos são descritos. Mesmo com secreção normal de GH, o crescimento pode ser comprometido por lesões ósseas após irradiação corporal total ou crânio-espinhal. Resultados melhores sobre a estatura final têm sido obtidos com reposição de GH em associação com o tratamento da puberdade precoce ou avançada. O objetivo desta revisão é a abordagem das seqüelas endócrinas tardias da radioterapia. Resumo em inglês Radiotherapy may result in endocrine abnormalities, osteoporosis, obesity and neurological sequelae in patients treated for cancer. In the hypothalamo-pituitary area, GH deficiency is the most frequent complication. The frequency, delay of appearance and severity of GH deficiency depend most on the dose delivered during cranial irradiation but variables as age at treatment and fractionation schedule may play an important role as well. Other hypothalamo-pituitary dysfuncti (mais) ons are also dose-dependent. Low dose cranial irradiation may induce precocious or early puberty, while high doses are related to gonadotropin deficiency. Endocrine complications due to extracranial irradiaton such as gonadal or thyroid abnormalities are described. In spite of normal GH secretion, linear growth may be impaired by bone lesions secondary to craniospinal or total body irradiation. Results on final height have been optimized by better indicators of GH therapy associated with adequate treatment of early or precocious puberty. The purpose of this review is to explore the late endocrine sequelae of radiotherapy.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

5

Indução da fitoextração de chumbo por ácido cítrico em solo contaminado por baterias automotivas/ Citric acid enhances lead phytoextraction from a soil contaminated by automotive batteries

Freitas, Eriberto Vagner de Souza; Nascimento, Clístenes Williams Araújo do; Silva, Airon José; Duda, Gustavo Pereira
2009-04-01

Resumo em português A fitoextração - uso de plantas para extrair contaminantes do solo - é uma técnica promissora de recuperação de solos contaminados. Como alternativa aos quelantes sintéticos, ácidos orgânicos naturais estão sendo propostos para induzir a fitoextração por serem rapidamente degradados no solo, evitando risco de poluição secundária. Este trabalho objetivou avaliar o desempenho do ácido cítrico aplicado em doses crescentes, total e parceladamente, na fitoextr (mais) ação induzida de Pb em solo contaminado por resíduos de baterias automotivas. O ácido cítrico, nas doses de 0, 20, 40, 60 e 80 mmol kg-1, foi aplicado de forma total no 30° dia de cultivo de milho (Zea mays) e, parceladamente, no 30º e 34º dias de cultivo. Para efeito comparativo, um tratamento adicional com EDTA na concentração de 10 mmol kg-1 foi utilizado. Nas amostras de solo após aplicação dos tratamentos, foram determinados os teores de Pb solúvel e ligado a frações do solo. Pode-se concluir que o parcelamento das doses de ácido cítrico não influenciou a eficiência da fitoextração, sendo a aplicação única da dose total mais indicada para indução da acumulação de Pb pelas plantas. A remediação da área com fitoextração induzida pela aplicação de ácido cítrico é exequível em período relativamente curto e sem problemas secundários quanto à lixiviação de Pb. A aplicação de ácido cítrico provocou mobilização de Pb das frações menos solúveis (matéria orgânica e óxidos) para a forma trocável. A distribuição de Pb nas frações do solo após aplicação do ácido apresentou a seguinte ordem: trocável > matéria orgânica > óxido de Fe cristalino > óxido de Fe amorfo. Resumo em inglês Phytoextraction of heavy metals is a promising green technology by which metals are extracted from contaminated soils and transferred to plant shoots. Natural organic acids are an alternative to synthetic chelates since the environmental risks are lower thanks to their biodegradability. The study aimed at evaluating the performance of single and split applications of citric acid on enhancing Pb extraction by maize plants (Zea mays) grown in soil samples from an area conta (mais) minated with Pb from battery wastes. The citric acid was applied at concentrations of 0, 20, 40, 60, and 80 mmol kg-1, either in a single dose on the30th day of growth or split in two, on the 30th and 34th day. Soil samples were subjected to chemical extraction by CaCl2 and fractionation. Results showed that splitting the citric acid doses did not improve the effectiveness of phytoextraction. A single application is therefore more suitable for Pb accumulation in plants. Enhanced phytoextraction using citric acid is feasible in a relatively short term and with no secondary problems due to Pb leaching. Citric acid amendment mobilized Pb from the least soluble fractions (bound to organic matter and iron oxides) into the exchangeable form. The distribution pattern of Pb in soil fractions treated with citric acid followed the order: exchangeable > organic matter > crystalline iron oxide > amorphous iron oxide.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)