Sample records for disease resistance
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 20 shown. Select sample records:



1

Doenças associadas à resistência à insulina/hiperinsulinemia, não incluídas na síndrome metabólica/ Insulin resistance/hyperinsulinemia associated diseases not included in the metabolic syndrome

Carvalheira, José B.C.; Saad, Mario J.A.
2006-04-01

Resumo em português Nos últimos anos, no Brasil e em países do mundo desenvolvido, a obesidade se tornou um problema de saúde pública mais importante que a desnutrição. Com o aumento de prevalência de obesidade, identificou-se que, além do DM2 e da síndrome metabólica, outras entidades clínicas também estavam associadas à resistência à insulina. Nesta revisão, abordaremos algumas destas alterações, com destaque para a doença hepática gordurosa não alcoólica, mas incluin (mais) do também a SOP, a hiperuricemia, a doença renal crônica, a insuficiência cardíaca, alterações cognitivas e câncer. Resumo em inglês In the past years, in Brazil and in developed countries, obesity has become a major public health problem. It was identified that besides DM2 and metabolic syndrome other clinical entities were associated with insulin resistance. In this review we describe some of these alterations emphasizing nonalcoholic fatty liver disease, but also including polycistic ovary disease, hyperuricemia, chronic renal failure, heart failure, cognitive decline and cancer.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

Indução de resistência a doenças foliares em tomateiro por indutores biótico (Bacillus subtilis) e abiótico (Acibenzolar-S-Metil)/ Induction of resistance in tomato by biotic (Bacillus subtilis) and abiotic (Acibenzolar-S-Metil) inducers

Araujo, Fabio Fernando de; Menezes, Danilo
2009-09-01

Resumo em português O objetivo deste trabalho foi investigar se doenças foliares do tomateiro (Lycopersicon esculentum) podem ser afetadas pela indução de resistência proporcionada pela aplicação de Bacillus subtilis, no solo e nas folhas e aplicação via foliar de acibenzolar-S-metil. A fim de investigar o modo de ação envolvido no controle foi avaliada a atividade de peroxidases nas folhas do tomateiro tratado com os indutores biótico e abiótico. Para se avaliar a severidade das (mais) doenças foliares foi avaliado o número de folhas de tomate com algum sintoma de doença e determinado o percentual de folhas doentes em relação ao total de folhas por planta. O aumento significativo da concentração de peroxidases nas plantas tratadas com os indutores, assim como a ausência de controle das doenças no tratamento com pulverização direta de B. subtilis nas folhas, são evidências que sugerem que o mecanismo de controle das doenças em questão está relacionado à resistência induzida. Resumo em inglês This study was conduced to investigate whether the tomato (Lycopersicon esculentum) leaf diseases may be affected by the induction of resistance provided by the application of Bacillus subtilis, soil and leaf and foliar application of Acibenzolar-S-Methyl. In order to investigate the mode of action involved in the control was measured the peroxidases activity in the leaf of tomato treated with inducers biotic and abiotic. To evaluate the severity of foliar diseases has be (mais) en estimated the number of leaf of tomatoes with symptoms of disease and determinate the percent of disease leaf in the total of leaf per plant. The significant increase in levels of peroxidase activity in plants exposed to treatment with inducers and lack of control of leaf diseases, in direct spray of B. subtilis in the leaves, are evidence that suggest that the mechanism of control diseases in question is related to induction resistance.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

Resistência à proteína C ativada e doença arterial isquêmica em jovem/ Resistance to activated protein C and ischemic arterial disease in a young man

Menezes, Igor Alexandre Côrtes de; Romani, Rafael Fernandes; Aoki, Yuki Schneider; Abdo, João Caetano; Carvalho, Mauricio
2010-03-01

Resumo em português A avaliação da resistência à ação da proteína C ativada (rPCA), causada por mutação no fator V (fator V de Leiden), é fator de risco importante para tromboembolia venosa, cujo papel como geradora de obstruções arteriais in situ é um tema ainda controverso. O caso clínico de um jovem com história de coronariopatia, múltiplas lesões cerebrovasculares e doença arterial periférica é relatado. A investigação diagnóstica apontou a rPCA como possível etiologia. Resumo em inglês The assessment of activated protein C resistance (APCR) caused by mutations in factor V (factor V Leiden) is an important risk factor for venous thromboembolism, of which role as the originator of arterial obstructions in situ is still a controversial subject. The clinical case of a young patient with history of coronariopathy, multiple cerebrovascular lesions and peripheral artery disease is reported. The diagnostic investigation showed APCR as the possible etiology.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

4

Resistência quantitativa à ferrugem da folha em genótipos de aveia branca: III - Correlação de componentes de resistência entre si e com a intensidade de doença no campo/ Quantitative resistance to crown rust in white oat genotypes: III - Correlation of its resistance components with each other and with the amount of disease in the field

Chaves, Márcia S.; Martinelli, José A.; Federizzi, Luiz C.
2004-04-01

Resumo em português A seleção de genótipos com resistência quantitativa à ferrugem da folha da aveia (Avena sativa), baseada nos componentes que a condicionam, necessita do conhecimento da associação destes componentes entre si e deles com a quantidade de doença no campo, representada pela área abaixo da curva de progresso da doença (AACPD). Este trabalho objetivou determinar estas correlações, a partir de resultados de ensaios realizados previamente, em que 31 genótipos de avei (mais) a branca tiveram sua reação à ferrugem determinada no campo e seus componentes de resistência quantificados. As correlações encontradas foram geralmente baixas, tanto dos componentes entre si, como deles com a intensidade da doença no campo. As correlações mais altas, e consistentes entre os anos, com a AACPD foram da eficiência de infecção em plântulas, do período de latência e do comprimento de pústulas em plantas adultas. Estes dados sugerem que os componentes citados podem ter uma influência um pouco maior que os demais sobre a expressão da resistência parcial a campo. Entretanto, a baixa correlação entre os componentes medidos, indica que a seleção de genótipos, nesta interação patógeno-hospedeiro, não deve ser realizada com base em apenas um componente de resistência. Os resultados sugerem que a expressão da resistência parcial à ferrugem da folha da aveia não é condicionada apenas por um componente de resistência, mas sim pelo efeito conjunto de todos eles. Além disto, é possível que mecanismos diferenciados estejam atuando em cada genótipo, de forma que os componentes de resistência mais importantes para um não sejam os mesmos para outro. Resumo em inglês Selection of genotypes for quantitative resistance to oat crown rust, based on its components, needs the knowledge of the association of these components with each other and with the amount of disease in the field, represented by AUDPC. This work aimed to determine these correlations, based on results of previous trials, in which the reaction of 31 white oat genotypes was tested and the resistance components were quantified. Correlations were usually low for the resistanc (mais) e components with each other and for these components with the amount of disease in the field. Higher correlations, consistent among years, with AUDPC were infection frequency in seedlings and latent period and pustule size in adult plants. All other possible correlations were very low. These data suggest that the resistance components mentioned can influence the expression of quantitative resistance in the field in a somewhat important manner. Nevertheless, the low correlation of resistance components with each other indicates that genotype selection, in this host-pathogen interaction, must not be based on a single resistance component assessment. The correlation analysis suggests that the expression of quantitative resistance to oat crown rust is not conditioned by a single resistance component but by the group effect of all of them. In addition, it is possible that different mechanisms are involved for each genotype, in such a way that the more important resistance component in one genotype may not be the same for another.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

5

Síndrome metabólica, resistência à ação da insulina e doença cardiovascular no diabete melito tipo 1/ Metabolic syndrome, insulin resistance and cardiovascular disease in type-1 diabetes mellitus/ Síndrome metabólico, resistencia a la acción de la insulina y enfermedad cardiovascular en la diabetes mellitus tipo 1

Rodrigues, Ticiana C.; Canani, Luis Henrique; Gross, Jorge L.
2010-01-01

Resumo em português A síndrome metabólica (SM) é um transtorno complexo representado por um conjunto de fatores de risco cardiovasculares relacionados à deposição central de gordura e à resistência à ação da insulina (RI), e está associada à mortalidade precoce em indivíduos não-diabéticos e em pacientes com Diabete melito (DM) tipo 2. A presença da SM e dos seus componentes tem sido descrita também em pacientes com DM tipo 1 e pode contribuir para o elevado risco de doenç (mais) a cardiovascular observado nessa população de pacientes. O objetivo deste trabalho foi revisar as evidências disponíveis sobre o papel da SM e da RI no desenvolvimento da doença cardiovascular nos pacientes com DM tipo 1. Resumo em espanhol El síndrome metabólico (SM) es un trastorno complejo representado por un conjunto de factores de riesgo cardiovasculares relacionados al depósito central de grasa y a la resistencia a la acción de la insulina (RI), y se asocia a mortalidad precoz en individuos no diabéticos y en pacientes con diabetes mellitus (DM) tipo 2. La presencia del SM y sus componentes viene siendo descripta también en pacientes con DM tipo 1 y puede contribuir al elevado riesgo de enfermeda (mais) d cardiovascular observado en esta población de pacientes. El objetivo de este trabajo fue revisar las evidencias disponibles sobre el papel del SM y de la RI en el desarrollo de la enfermedad cardiovascular en los pacientes con DM tipo 1. Resumo em inglês Metabolic syndrome (MS) is a complex disorder represented by a cluster of cardiovascular risk factors related to central fat distribution and insulin resistance (IR), and is associated with early mortality in non-diabetic individuals and in patients with type-2 diabetes mellitus (DM). The presence of MS and its components has also been described in patients with type-1 DM and may contribute to the increased risk of cardiovascular disease seen in this patient population. T (mais) he objective of this study was to review the available evidences of the role of MS and IR in the development of cardiovascular disease in patients with type-1 DM.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

6

Síndrome metabólica em crianças obesas e fatores de risco para doenças cardiovasculares de acordo com a resistência à insulina (HOMA-IR)/ Metabolic syndrome and risk factors for cardiovascular disease in obese children: the relationship with insulin resistance (HOMA-IR)

Ferreira, Aparecido Pimentel; Oliveira, Carlos E. R.; França, Nancí Maria
2007-02-01

Resumo em português OBJETIVO: Verificar a prevalência da síndrome metabólica e identificar fatores de risco para desenvolvimento de doenças cardiovasculares de acordo com a resistência à insulina. MÉTODOS: Realizou-se um estudo transversal em 52 crianças obesas. A amostra foi randomizada após avaliação do índice de massa corporal [peso (kg)/estatura (m)²] de 1.550 escolares. A obesidade foi definida quando esse índice se encontrava acima do percentil 95 da classificação do Ce (mais) nters for Disease Control and Prevention. O sangue de jejum foi utilizado para mensurar a glicemia, lipoproteínas de alta densidade, triglicerídeos e insulina. A gordura corporal foi avaliada pela absortometria de raio X de dupla energia. A pressão arterial e a resistência à insulina foram mensuradas. A síndrome metabólica foi definida segundo o critério do National Cholesterol Education Program, com pontos de corte ajustados para a idade da amostra. RESULTADOS: A síndrome metabólica esteve presente em 17,3% das crianças avaliadas. A resistência à insulina diferiu significativamente entre o sexo feminino (3,8±2,2; IC95% 2,9-4,8) e o sexo masculino (2,6±1,3; IC95% 2,1-3,1); p = 0,016. Cerca de 44,2% da amostra apresentou pelo menos dois fatores de risco, e 15% apresentou hipertensão arterial. A hipertrigliceridemia foi encontrada em 50 e 70,8% dos meninos e meninas, respectivamente. Os níveis de lipoproteínas de alta densidade abaixo do desejável foram encontrados somente nas meninas. CONCLUSÕES: Crianças obesas apresentaram alta prevalência de síndrome metabólica. Apresentaram mais fatores de risco aquelas que obtiveram maiores níveis de resistência à insulina. Desta forma, são necessárias medidas intervencionistas com intuito de barrar o ganho de peso durante a infância. Resumo em inglês OBJECTIVE: To identify the prevalence of metabolic syndrome and risk factors for the development of cardiovascular diseases and to investigate their relationship with insulin resistance. METHODS: This was a cross-sectional study of 52 obese children. The sample was chosen at random after the body mass index [weight (kg)/stature (m)²] of 1,550 schoolchildren had been calculated. Children were defined as obese when their BMI was above the 95th percentile of the Centers for (mais) Disease Control and Prevention classification. Blood samples were taken after fasting and glycemia, high-density lipoproteins, triglycerides and insulin were all assayed. Body fat was evaluated using dual energy X-ray absorptiometry. Arterial blood pressure and insulin resistance were also measured. Metabolic syndrome was defined according to National Cholesterol Education Program criteria, with cutoff points adjusted for the age of the sample. RESULTS: Metabolic syndrome was detected in 17.3% of the children investigated. Insulin resistance was significantly different for females (3.8±2.2; 95%CI 2.9-4.8) and males (2.6±1.3; 95%CI 2.1-3.1); p = 0.016. Around 44.2% of the sample exhibited at least two risk factors, and 15% exhibited arterial hypertension. Hypertriglyceridemia was observed in 50 and 70.8% of boys and girls, respectively. Lower than desirable high-density lipoprotein levels were only observed among the girls. CONCLUSIONS: Obese children exhibited a high prevalence of metabolic syndrome. The children with greater insulin resistance exhibited more risk factors. In the light of these findings intervention measures are necessary in order to prevent excessive weight gain during childhood.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

7

Mancha de pestalotiopsis em helicônia: caracterização da doença e potenciais fontes de resistência/ Pestalotiopsis spot in heliconia: disease characterization and potential sources of resistance

Serra, Ilka Márcia R.S.; Coelho, Rildo S.B.
2007-02-01

Resumo em português A "mancha de pestalotiopsis em helicônia" é relatada como uma nova doença para o Brasil e o agente etiológico caracterizado morfologicamente. Avaliou-se a resistência a esta doença em inflorescências de algumas espécies e cultivares ornamentais do gênero Heliconia. O teste de patogenicidade foi feito utilizando-se um isolado oriundo de folhas de H. psittacorum x H. spathocircinata cv. Golden Torch, que foi inoculado em folhas e inflorescências destacadas deste m (mais) esmo híbrido e cultivar. O comportamento de dez espécies e cultivares de helicônia quanto à susceptibilidade à mancha de pestalotiopsis foi avaliado em inflorescências em pós-colheita e pela inoculação do fungo nas brácteas florais. O fungo apresentava em meio de cultura acérvulo anfígeno, epidérmico a subepidérmico, conídios fusiformes, medindo 21,0-26,5 x 6,5-8,5 µm, com cinco células, sendo as três medianas mais escuras, com três a cinco apêndices filiformes apicais, 8-15 x 1,0 µm e pedicelo basal curto, 5,0 x 1,0 µm e foi identificado como Pestalotiopsis pauciseta. Inoculações em folhas e flores destacadas pela deposição de discos de cultura sobre o tecido previamente ferido demonstraram que o fungo em estudo é patogênico e trata-se do agente causal de uma nova doença em helicônia. Quanto à avaliação da resistência à mancha de pestalotiopsis, H. rostrata e H. caribeae x H. bihai cv. Jacquinii foram os materiais mais resistentes dentre os testados, sendo que H. rostrata não apresentou nenhuma lesão após a inoculação. A espécie H. stricta cv. Las Cruzes foi a mais suscetível, seguida de H. wagneriana. Este é o primeiro relato da mancha de pestalotiopsis em helicônia e o primeiro relato da existência de resistência a essa doença em helicônia. Resumo em inglês This study describes a new disease of heliconia, "Pestalotiopsis spot", outlines the morphology of the fungus and presents results from the evaluation of resistance of some heliconias to the pathogen. Pathogenicity of an isolate obtained from diseased foliage of H. psittacorum x H. spathocircinata cv. Golden Torch was demonstrated by inoculation of detached leaves and inflorescences of that cultivar of heliconia. Susceptibility of ten heliconia cultivars to pestalotiopsis (mais) flower and leaf spot was evaluated on freshly cut inflorescences by inoculation of the fungus on previously injured areas of floral bracteas. The fungus had acervular conidiomata, epidermal to subepidermal, fusiform conidia, straight to slightly curved, measuring 21.0-26.5 x 6.5-8.5 µm, four septates with the three median cells dark brown, three to five filiforme apical appendages, 8-15 x 1.0 µm and a basal pedicel, 5.0 x 1.0 µm. The fungus was identified as Pestalotiopsis pauciseta. Inoculation of detached leaves and flowers by laying the culture disk of P. pauciseta over previously damaged tissues has demonstrated that the fungus is the etiological agent of this new heliconia disease. Evaluation of resistance to pestalotiopsis spot showed that H. rostrata and H. caribeae x H. bihai cv. Jacquinii were the most resistant among the tested cultivars. No lesions were produced on H. rostrata after inoculation. H. stricta cv. Las Cruzes was the most susceptible, followed by H. wagneriana. This is the first record of pestalotiopsis spot in heliconia and also the first report of heliconia resistance to this disease.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

8

Seleção assistida por marcadores moleculares visando ao desenvolvimento de plantas resistentes a doenças, com ênfase em feijoeiro e soja/ Marker assisted selection in the development of disease resistant plants, with emphasis on common bean and soybean

Alzate-Marin, Ana Lilia; Cervigni, Gerardo D. L.; Moreira, Maurilio A.; Barros, Everaldo G.
2005-08-01

Resumo em português A transferência de alelos de resistência a doenças em plantas pode ser facilitada pelo uso de marcadores moleculares do DNA. Se proximamente ligados a alelos de resistência, eles podem ser usados na seleção assistida por marcadores (S.A.M.). Uma aplicação concreta dos marcadores na S.A.M. é durante o processo de piramidação de alelos de resistência. Por meio da S.A.M., em três gerações de retrocruzamento, o Programa de Melhoramento do Feijoeiro do BIOAGRO, (mais) Universidade Federal de Viçosa (Minas Gerais, Brasil), obteve linhagens de feijoeiro (Phaseolus vulgaris) com características fenotípicas similares às da cultivar Rudá (recorrente), contendo alelos de resistência à antracnose, ferrugem e mancha-angular. No momento, sementes das linhagens RC3F4, homozigotas para os locos de resistência estão sendo multiplicadas para serem submetidas a inoculações com os patógenos de interesse e a testes agronômicos. O Programa de Melhoramento da Qualidade da Soja do BIOAGRO vem usando marcadores moleculares para identificar "quantitative trait loci" (QTLs) associados à resistência ao nematóide de cisto da soja (NCS). Foram identificados dois marcadores microssatélites (Satt038 e Satt163) flanquendo o alelo de resistência rhg1 e também marcadores ligados a um QTL que confere resistência à raça 14 do NCS. Esse QTL explica mais de 40% da resistência da soja (Glycine max) cultivar Hartwig, uma das principais fontes de resistência ao NCS. A S.A.M. é uma realidade em diversos programas de melhoramento no mundo inteiro que visam ao desenvolvimento de cultivares resistentes a doenças. O seu uso efetivo no melhoramento depende de uma maior sintonia entre o melhorista e o biólogo molecular de plantas. Resumo em inglês Transfer of disease resistance alleles in plants can be expedited by the use of DNA molecular markers. If the markers are tightly linked to the resistance alleles they can be used for marker assisted selection (M.A.S.). One effective use of M.A.S. is found in the process of pyramiding resistance alleles. By using M.A.S., in three backcross generations, the Bean Breeding Program of BIOAGRO, Federal University of Viçosa (Minas Gerais, Brazil), has obtained bean (Phaseolus (mais) vulgaris) lines phenotypically similar to cultivar Rudá (recurrent) and resistant to anthracnose, rust and angular leaf spot. Seeds of BC3F4 lines currently are being multiplied to undergo inoculation with specific pathogens and agronomic performance tests. The Soybean Quality Breeding program of BIOAGRO used molecular markers to identify quantitative trait loci (QTLs) associated with resistance to soybean cyst nematode (SCN). Two microsattelite markers (Satt038 and Satt163) flanking the allele rhg1 were identified. Markers linked to a QTL that confers resistance to SCN race 14 were also identified. This QTL explains more than 40% of the resistance present in soybean (Glycine max) cultivar Hartwig, one of the most import resistance sources for SCN. The use of M.A.S. is a reality in several breeding programs around the that are trying to develop disease resistant cultivars. The effective use of this tool depends on a greater understanding between the breeder and the plant molecular biologist.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

9

Indução de resistência à brusone em folhas de arroz por isolado avirulento de Magnaporthe oryzae/ Induction of leaf blast resistance in rice by an avirulent isolate of Magnaporthe oryzae

Filippi, Marta C.C.; Silva, Gisele B.; Prabhu, Anne S.
2007-10-01

Resumo em português A resistência a doenças pode ser induzida em plantas tanto por agentes abióticos como por agentes bióticos, por exemplo isolados avirulentos de patógenos. No presente trabalho objetivou-se determinar a concentração de um isolado avirulento (indutor) e o período necessário para induzir resistência em folhas de arroz a um isolado virulento de M. oryzae. Em casa de vegetação, plantas com 18 dias das cultivares Metica-1 e Cica-8 foram pulverizadas com um isolado i (mais) ndutor de resistência, nas concentrações de 0, 10(5), 3x10(5) e 6x10(5) conídios.mL-1 em períodos que antecederam a inoculação do isolado virulento de 24, 48 e 72 horas. A indução da resistência manifestou-se na redução da área foliar afetada e no tipo de lesão. O grau de indução de resistência foi maior na cultivar Metica-1 do que na cultivar Cica-8, em relação a suas respectivas testemunhas. A indução da resistência em Cica-8 foi superior quando o indutor foi aplicado 48 horas antes da aplicação do isolado virulento nas concentrações de 6x10(5) e 3x10(5) conídios.mL-1. Por outro lado, a indução de resistência em Metica-1 foi significativamente maior em todas as concentrações e períodos de aplicações do indutor quando comparados com a testemunha, mas não houve diferença entre os tratamentos de indução. Resumo em inglês The induction of disease resistance can be activated in plants with biotic and abiotic agents such as avirulent isolates of pathogens. The objective of this investigation was to determine the concentration of inducer isolate and the time required between the inoculation with inducer (avirulent isolate) and virulent isolate of Magnaporthe oryzae, for the induction of resistance in rice leaves. Eighteen-day-old plants of rice cultivars Metica-1 and Cica-8 were sprayed in a (mais) greenhouse with an avirulent isolate utilized as inducer, at the concentrations of 0, 10(5), 3x10(5) and 6x10(5) conidia mL-1; sprayed 24, 48, and 72 hours prior to inoculation with virulent isolate. The induction of resistance was manifested in the reduction of leaf area affected and lesion type. The degree of induced resistance was greater in cultivar Metica-1 than in cultivar Cica-8 in relation to respective controls. The induction of resistance was superior in Cica-8 in treatments where inducers were applied 48 hours prior to inoculation with the virulent isolate, at concentrations of 6x10(5) and 3x10(5) conidia mL-1. On the other hand, the induction in Metica-1 was significantly higher in relation to control, at all concentrations and all periods of application of the inducer, and did not show differences between treatments.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

10

Ação do acibenzolar-S-metil aplicado em tubérculos e plantas de batata contra canela preta, incitada por Pectobacterium carotovorum subsp. atrosepticum atípica/ Action of acibenzolar-S-methyl applied on potato tubers and plants to prevent blackleg, caused by Pectobacterium carotovorm subsp. atrosepticum atípica

Benelli, Adilce I. H.; Denardin, Norimar D.; Forcelini, Carlos A.
2004-06-01

Resumo em português A resistência sistêmica adquirida (SAR = systemic acquired resistance) é um importante mecanismo de resistência a doenças em plantas. Neste estudo, a ação do acibenzolar-S-metil (ASM), derivado benzotidiazólico ativador de resistência em plantas foi avaliada sobre a brotação de tubérculos de batata (Solanum tuberosum) e quanto à ação deste na indução de resistência à canela-preta, incitada por Pectobacterium carotovorum subsp. atrosepticum atípica (Pca (mais) a), nas cultivares Asterix, Baronesa e Monalisa. Nas doses, 60, 120, 150, 200 e 250 mg i.a. l -1, o produto não inibiu o número de brotos. Contudo, em concentrações mais elevadas influenciou o comprimento destes. Em casa de vegetação, nas concentrações de 60 e 120 mg i.a. l -1 ASM, tanto no tratamento de tubérculos quanto no de aspersão nas plantas, a cultivar Asterix, respondeu ao tratamento do ASM, conferindo-lhe resistência à canela preta. Na cultivar Baronesa, a resposta ao ASM ocorreu somente no tratamento de tubérculos, e, para a cultivar Monalisa, não houve resposta ao ASM. Verifica-se, neste estudo, que houve ação do ASM sobre a indução de resistência e que este foi específico para determinadas cultivares de batata. Resumo em inglês Systemic acquired resistance is an important mechanism of resistance to diseases in plants. In this research, the action of acibenzolar-S-methyl (ASM), a benzothiadiazole inductor of resistance in plants, was evaluated regarding tuber sprout and induction of resistance in potato (Solanum tuberosum) plants. At 60, 120, 150, 200, and 250 mg a.i. l -1, ASM did not inhibit bud number. However, in higher concentrations it decreased bud length. In the greenhouse, ASM was applie (mais) d (60 and 120 mg a.i. l -1) to tubers and plants of the cultivars Asterix, Baronesa, and Monalisa. In the Asterix cultivar, ASM induced resistance to blackleg. In Baronesa cultivar plants, resistance to blackleg was achieved with tuber treatment with ASM. In Monalisa cultivar, the ASM did not induce resistance to the disease. In conclusion, the role of ASM in inducing resistance to blackleg seems to be cultivar specific.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

11

Genes diferentes podem conferir resistência ao Cowpea severe mosaic virus em caupi/ Different genes can confer resistance to Cowpea severe mosaic virus in cowpea

Assunção, Iraildes P.; M.-Filho, Liliane R.; Resende, Luciane V.; Barros, Márcia C. S.; Lima, Gaus S. A.; Coelho, Rildo Sartori B.; Lima, J. Albérsio A.
2005-06-01

Resumo em português O caupi (Vigna unguiculata) é uma importante leguminosa cultivada principlamente por pequenos agricultores da região Nordeste. Doenças ocasionadas por vírus podem constituir o principal fator limitante da produção do caupi, destacando-se, nesse aspecto, o mosaico severo, causado pelo Cowpea severe mosaic virus (CpSMV), família Comoviridae, gênero Comovirus. A resistência tem sido considerada como a melhor alternativa no controle dessa virose e diversas fontes pro (mais) missoras têm sido relatadas, como as cultivares Macaibo e CNC 0434, e a linhagem L254.008. As investigações sobre a base genética da resistência ao CpSMV nesses materiais têm conduzido a resultados semelhantes, sendo a resistência herdada como uma característica monogênica recessiva. No entanto, até então, nenhum trabalho havia investigado o alelismo dos genes de resistência dessas fontes. No presente trabalho foram realizados estudos visando esclarecer essa questão nas três fontes de resistência; 'Macaibo', 'CNC0434' e L254.008. Plantas dos referidos genótipos foram cruzadas de maneira direta e recíproca originando seis populações F1 e F2. Inoculações controladas dessas populações com o isolado CpSMV-Re1 permitiram concluir que o gene de resistência de 'Macaibo' é o mesmo de 'CNC-0434', distinto daquele encontrado na linhagem L254.008. Resumo em inglês Cowpea (Vigna unguiculata) is an important vegetable crop in Northeast Brazil and has been traditionally cultivated by small farmers. Virus diseases are considered to be the main factor in yield limiting cowpea yield in the region. The severe mosaic disease caused by Cowpea severe mosaic virus (CpSMV), family Comoviridae, genus Comovirus, seems to be one of the most prevalent diseases responsible for high losses. Resistant cultivars may be considered the best alternative (mais) for disease control, and several promising sources of resistance such as Macaibo, CNC 0434 cultivars, and the line L 254.008 have been reported. More recent investigations into the genetic basis of these resistant plant genotypes have pointed to similar results, and the inheritance of this resistance has been recognized as monogenic recessive. On the other hand, any research aimed to investigate if the resistance genes are alleles or not. In the present investigation a test was conducted to elucidate this question. Plants of the genotypes Macaibo, CNC 0434 and L 254.008 were bred in reciprocal and direct ways producing six populations. Evaluation of those cowpea genotypes using one isolate of CpSMV indicated that the resistance gene of Macaibo is the same as that for CNC 0434 and distinct from the gene L 254.008 found in that line.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

12

Fontes de resistência em acessos de Solanum (secção Lycopersicon) a Verticillium dahliae raças 1 e 2/ Sources of resistance to Verticillium dahliae races 1 and 2 in accessions of Solanum (section Lycopersicon)

Miranda, Bruno Eduardo C de; Boiteux, Leonardo S; Cruz, Eduardo M; Reis, Ailton
2010-12-01

Resumo em português A murcha-de-verticílio (Verticillium dahliae) é uma das doenças mais severas do tomateiro (Solanum lycopersicum L.). Duas raças fisiológicas de V. dahliae foram caracterizadas infectando o tomateiro e ambas estão presentes no Brasil. A estratégia de controle mais efetiva para isolados da raça 1 tem sido a utilização de cultivares resistentes em associação com práticas culturais. Entretanto, não existem cultivares comerciais de tomate resistentes à raça 2 d (mais) o patógeno. Neste contexto, torna-se importante a identificação de novas fontes de resistência que sejam efetivas contra as duas raças de V. dahliae. Buscou-se fontes de resistência a isolados de V. dahliae (raças 1 e 2). Cem acessos de uma coleção de germoplasma contendo espécies cultivadas e selvagens de Solanum (secção Lycopersicon) foram inicialmente inoculados pelo método de imersão de raízes com um isolado de V. dahliae raça 1 (5 mL de uma suspensão de 10(6) conídios/mL) em condições de casa de vegetação. A avaliação foi feita aos 30 dias após a inoculação, usando uma escala de notas variando de 1 (planta sadia) a 5 (planta morta). Foram considerados resistentes os acessos que apresentaram nota média entre 1 e 2. Um grupo composto por 38 acessos classificados como resistentes neste primeiro ensaio foi reavaliado para resistência a outros quatro isolados de V. dahliae pertencentes às raças 1 e 2. As cultivares Ponderosa e Floradade foram utilizadas como controles. O ensaio foi conduzido em casa de vegetação em delineamento experimental de blocos ao acaso em arranjo fatorial 5 x 40, com três repetições (vasos com quatro plantas). A avaliação foi feita baseada nos parâmetros epidemiológicos: período de incubação e índice de doença. Foram identificados acessos com resistência raça-específica e também com resistência a ambas as raças. Estes acessos podem ser indicados para futuros programas de melhoramento genético visando incorporar resistência ampla à doença. Resumo em inglês Verticillium wilt (Verticillium dahliae) is one of the most destructive diseases of tomato (Solanum lycopersicum). Two V. dahliae races have been described infecting tomatoes and both are present in Brazil. The most effective control strategy of V. dahliae race 1 isolates is based upon the use of resistant cultivars combined with cultural practices. However, there is so far no fresh-market tomato cultivar available with resistance to V. dahliae race 2. Therefore, it is im (mais) portant to identify new sources of effective resistance against both pathogen races. Solanum (section Lycopersicon) accessions were screened to search for resistance sources to both V. dahliae races 1 and 2. A germplasm collection composed by 100 accessions of cultivated and wild tomatoes was first inoculated via root dipping method (5 mL; 10(6) conidia/mL) with one isolate of V. dahliae race 1. Disease assessment was done 30 days after inoculation using a disease severity index ranging from 1 (plant without symptoms) to 5 (dead plant). Accessions with average severity index from 1 to 2 were classified as resistant. A subgroup of 38 race 1 resistant accessions was re-evaluated against four isolates of V. dahliae belonging to races 1 and 2. The cultivars Ponderosa and Floradade were used as controls. The assay was conducted under greenhouse conditions using a completely randomized, factorial (5 x 40) design with three replicates (three pots with four plants each). Evaluation was done based upon two epidemiological parameters: incubation period and disease severity index. Race-specific and multiple-race resistance sources were identified. The most promising accessions could be useful for breeding purposes aiming to develop cultivars with stable resistance to both races.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

13

Resistência de variedades comerciais de cana-de-açúcar ao agente causal do raquitismo-da-soqueira/ Resistance of sugarcane commercials cultivars to causal agent of ratoon stunting disease

Gagliardi, Paulo Roberto; Camargo, Luis Eduardo Aranha
2009-07-01

Resumo em português O raquitismo-da-soqueira (RSD), causado pela bactéria Leifsonia xyli subsp. xyli, é uma das mais importantes doenças da cana-de-açúcar nas regiões produtoras do mundo. O presente trabalho teve como objetivo avaliar o grau de resistência de 10 variedades comerciais RB de cana-de-açúcar mais a variedade CB 49-260, a qual foi incluída como padrão suscetível. O trabalho visou avaliar os danos amostrados em campo pelo peso das parcelas em função da relação entr (mais) e a produtividade de parcelas inoculadas e não inoculadas artificialmente com a bactéria. Os resultados mostraram que as variedades RB 72 454, RB 83 5486, RB 86 7515, RB 92 5211, RB 92 5268, RB 92 5345, RB 92 8064 e a variedade padrão CB 49-260 comportaram-se como variedades suscetíveis. A variedade RB 85 5156 comportou-se como de resistência intermediária e apenas as variedades RB 85 5453 e RB 85 5536 comportaram-se como tolerantes. Resumo em inglês Ratoon stunting disease (RSD) caused by bacteria Leifsonia xyli subsp. xyli is one of the most economically important disease of sugarcane worldwide. The present survey had objective to evaluate the resistance of 10 RB commercial cultivars of sugarcane including CB 49-260 as a susceptible standard. The study evaluated the correlating the damages presented for overhauls productivity of inoculate and non inoculate parcels with the bacteria. The results showed that varieties (mais) RB 72 454, RB 83 5486, RB 86 7515, RB 92 8064, RB 92 5211, RB 92 5345 and RB 92 5268 were susceptible. RB 85 5156 had a intermediary resistance and varieties RB 85 5453 and RB 85 5536 both showed tolerant behavior.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

14

Interações entre síndrome da apnéia obstrutiva do sono e resistência à insulina/ Interactions between obstructive sleep apnea syndrome and insulin resistance

Carneiro, Gláucia; Ribeiro Filho, Fernando Flexa; Togeiro, Sônia Maria; Tufik, Sérgio; Zanella, Maria Teresa
2007-10-01

Resumo em português Estudos anteriores mostraram que pacientes com Apnéia Obstrutiva do Sono (AOS) apresentam maior risco para doenças cardiovasculares. Entretanto, permanece controverso se essa associação depende da obesidade ou se ocorre devido a alterações fisiológicas decorrentes da desordem do sono, como ativação do sistema nervoso simpático, da inflamação e desordens do eixo corticotrófico e somatotrófico, que predispõem a danos vasculares. Além disso, muitos fatores de (mais) risco para doenças cardiovasculares (DCV) estão fortemente associados ao distúrbio respiratório, entre eles hipertensão, obesidade, resistência à insulina e diabetes tipo 2 (DM2). Neste artigo, vamos discutir a interação entre resistência à insulina e AOS e os possíveis mecanismos fisiopatológicos que contribuem para suas co-morbidades. Resumo em inglês Previous studies have shown Obstructive Sleep Apnea (OSA) as a risk factor for development of cardiovascular and cerebrovascular disease. However, controversies remain as to whether these changes are consequences of the associated obesity or OSA itself results in endocrine and metabolic changes, including impairment of insulin sensitivity, growth hormone, secretion inflammatory cytokines alterations, activation of peripheral sympathetic activity, and hipothalamic-pituitar (mais) y-adrenal (HPA) axis, that may predispose to vascular disease. Furthermore many cardiovascular risk factors, such as hypertension, obesity, insulin resistance and type 2 diabetes, are strongly associated with OSA. In this article, we will review the evidence and discuss possible mechanisms underlying these links and the pathophysiology of OSA morbidities.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

15

Caracterização genética de espécies de Passiflora por marcadores moleculares análogos a genes de resistência/ Genetic characterization of Passiflora species via resistance genes analog markers

Paula, Mariana da Silva; Fonseca, Maria Esther de Noronha; Boiteux, Leonardo Silva; Peixoto, José Ricardo
2010-03-01

Resumo em português O cultivo comercial do maracujá é afetado por diversos problemas fitossanitários, os quais contribuem para quebras de produção e significativa redução da vida útil dos plantios. Em algumas situações, a incidência de doenças pode inviabilizar o cultivo do maracujá. Fontes de resistência a distintas doenças têm sido identificadas em acessos de espécies de Passiflora. Neste trabalho, buscou-se avaliar a diversidade genética de acessos de oito espécies silv (mais) estres (P. setacea, P. nitida, P. serratodigitata, P. caerulea, P. gibertii, P. odontophyla, P. edulis e P. coccinea) e de um híbrido interespecífico (P. setacea x P. coccinea), utilizando marcadores moleculares análogos a genes de resistência (RGAs). Verificou-se uma grande diversidade no perfil eletroforético de RGAs nos acessos de Passiflora, permitindo a anotação de 96 amplicons polimórficos entre, pelo menos, um par de acessos. Os níveis de dissimilaridade genética (calculados exclusivamente com os marcadores RGAs) variaram entre 0,40 e 0,89 nos acessos das espécies de Passiflora avaliadas. A análise de sequência de um subgrupo destes amplicons obtidos com primers RGAs indicou que estas bandas correspondem a regiões genômicas que contêm segmentos (motivos) com identidade aos encontrados em genes de resistência previamente caracterizados em outras espécies vegetais. Desta forma, os dados indicam a existência de um repertório variado de marcadores do tipo RGA em Passiflora que podem ser potencialmente úteis em sistemas de caracterização molecular de germoplasma e em programas de melhoramento genético visando à resistência a doenças nesta cultura. Resumo em inglês The commercial cultivation of passion fruit can be affected by many diseases, which might induce sever fruit yield losses and significant life cycle reduction of the crop. In some situations disease incidence can make the passion fruit production not economically viable. Sources of resistance against several pathogens have been identified in accessions of Passiflora germplasm. In the present research we evaluate by using RGAs ("resistance gene analogs") markers the geneti (mais) c diversity of accessions belonging to eight wild species (P. setacea, P. nitida, P. serratodigitata, P. caerulea, P. gibertii, P. odontophyla, P. eduli, and P. coccinea) as well as one interspecific hybrid (P. setacea. x P. coccinea). A remarkable diversity was observed among the RGA eletrophoretic profiles of the accessions, allowing the annotation of 96 polymorphic amplicons able to discriminate at least one pair of accessions. The levels of genetic dissimilarity in this group of Passiflora accessions (using exclusively this collection of RGA markers) ranged from 0.40 to 0.89. The sequence analysis of a subgroup of RGA amplicons indicated that they correspond to genomic regions that encompass typical disease resistance gene motifs described in other plant species. Our results indicate a quite variable structural repertoire of RGA segments in Passiflora species with many of them being potentially useful as molecular markers for germplasm fingerprinting systems and also for assisted selection strategies in disease resistance breeding programs in this crop.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

16

Adaptabilidade e estabilidade de genótipos de tomateiro sob cultivo em solos de terra firme e várzea da amazônia infestados por Ralstonia solanacearum/ Adaptability and stability of tomato genotypes under cultivated in amazon upland and floodplain soils infested by Ralstonia solanacearum

Pena, Maria Albanira Araújo; Noda, Hiroshi; Machado, Francisco Manoares; Paiva, Maria Silvesnízia da Silva
2010-01-01

Resumo em português A resistência genética à bactéria Ralstonia solanacearum, o patógeno da doença "murcha bacteriana", é uma condição necessária para o cultivo do tomateiro nos solos naturalmente infestados pelo patógeno nos ambientes de terra firme e várzea da região amazônica. Neste trabalho avaliou-se a adaptabilidade e estabilidade quanto à resistência genética ao patógeno e à produtividade de progênies de gerações avançadas (F13 e F14) do cruzamento HT -16, que d (mais) eu origem à variedade resistente Yoshimatsu, quando cultivadas em solos de terra firme e várzea infestados por R. solanacearum. Foram realizados ensaios em quatro ambientes, dois em terra firme e dois na várzea, em solos naturalmente infestados pelo patógeno e com oito genótipos de tomateiro: Santa Cruz Kada, utilizada como padrão de suscetibilidade ao patógeno; Caraíba, como padrão de resistência; C-38; Yoshimatsu 4-11 e mais quatro progênies F13 e F14 do cruzamento HT-16. Os caracteres utilizados para avaliação da resistência e produtividade foram: Taxa de Infecção (QR), para doenças monocíclicas, segundo PLANK (1963); Índice de Sanidade (IS), segundo NODA (1981); Produção Total de Frutos (PTF) e Número Total de Frutos (NTF). As estimativas dos parâmetros de adaptabilidade e estabilidade fenotípica, obtidas pelo método proposto por EBERHART e RUSSEL (1966), expressos em níveis de resistência genética à bactéria R. solanacearum e rendimento em frutos, revelaram que as progênies avançadas são adaptadas ao cultivo em ambientes de terra firme e várzea infestadas pelo patógeno e evidenciaram superioriodade quando comparadas com a cultivar Yoshimatsu 4-11, obtida na geração F7. Resumo em inglês The genetic resistance to Ralstonia solanacearum, the agent of "bacterial wilt" disease, is a condition for tomato cultivation in soils naturally infested by the pathogen in the Amazon upland and floodplain environments. In this work the adaptability and stability of the genetic resistance to pathogen were estimated. Also fruit yield of advanced generation (F13 and F14) progenies from the original crossing (HT-16) of the tomato variety Yoshimatsu under cultivation conditi (mais) ons upland and floodplain in soils naturally infested by R. solanacearum. The experiments were carried out in four environments with soils naturally infested by the pathogen: two in upland and two in the floodplain. The evaluated tomato genotypes were: Santa Cruz Kada, the susceptibility control; Caraíba, the resistant control; C-38; Yoshimatsu 4-11, and four F13 and F14 progenies from the HT-16 crossing. The agronomic traits were evaluated by the parameters: Infection Rate (QR), for disease without multiplication, according PLANK (1963); Index of Sanity (IS), according NODA (1981); Total Yield of Fruits (PTF) and Total Number of Fruits (NTF). Genetic adaptability and phenotypic stability parameters were estimated according to the method proposed by EBERHART and RUSSEL (1966), expressed by genetic resistance to the pathogen R. solanacearum. The data showed that advanced progenies of the HT-16 crossing are adapted for cultivation in upland and floodplain soils infested by the pathogen and demonstrated superiority when compared to F7 variety Yoshimatsu 4-11.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

17

Impacto da vacina conjugada contra Streptococcus pneumoniae em doenças invasivas/ Impact of pneumococcal conjugate vaccine on the prevention of invasive pneumococcal diseases

Bricks, Lucia Ferro; Berezin, Eitan
2006-07-01

Resumo em português OBJETIVOS: Rever os estudos que avaliam o impacto da vacina conjugada 7-valente na incidência de doenças invasivas por pneumococo e analisar o possível impacto dessa vacina no Brasil. FONTE DE DADOS:Foram pesquisadas as bases de dados MEDLINE, LILACS, Cochrane Database Reviews (janeiro de 2000 a janeiro de 2006), selecionando-se para análise os artigos contendo as seguintes palavras-chave: Streptococcus pneumoniae, pneumococo, vacina conjugada, resistência, antibiót (mais) icos e meningite. Também foi realizada busca de informações sobre o tema nos sites do Centers for Disease Control, Ministério da Saúde e Centro de Vigilância Epidemiológica do Estado de São Paulo. SÍNTESE DOS DADOS: A vacina conjugada 7-valente reduziu a incidência de doenças invasivas por pneumococo, número de consultas por doenças respiratórias de vias aéreas superiores e inferiores, consumo de antibióticos e incidência de doenças invasivas por pneumococo por cepas resistentes a antibióticos não apenas nas crianças vacinadas, como em adultos e idosos. No Brasil, os coeficientes de incidência de doenças invasivas por pneumococo em crianças menores de 5 anos são elevados, a taxa de letalidade de meningites pneumocócicas é alta e as taxas de resistência parcial e plena à penicilina aumentaram substancialmente nos últimos 5 anos. CONCLUSÕES:Devido aos benefícios diretos e indiretos do uso em larga escala da vacina conjugada 7-valente, essa vacina deve ser incluída no calendário básico de imunização do Brasil. Resumo em inglês OBJECTIVES: To evaluate the impact of heptavalent pneumococcal conjugate vaccine in invasive pneumococcal diseases in the United States, and to analyze the potential impact of this vaccine in Brazil. SOURCES OF DATA: MEDLINE, LILACS, Cochrane Database Reviews, as well as the websites of the Centers for Disease Control and Prevention (CDC), Brazilian Ministry of Health and Centro de Vigilância Epidemiológica do Estado de São Paulo from January 2000 to January 2006. Arti (mais) cles with the keywords Streptococcus pneumoniae, pneumococcal diseases, conjugate vaccine, antimicrobial resistance and meningitis were reviewed. SUMMARY OF THE FINDINGS: The introduction of heptavalent pneumococcal conjugate vaccine caused a dramatic reduction in the incidence of invasive pneumococcal diseases in American children, reduced antibiotic use and the number of medical visits due to otitis media and pneumonia by children. The incidence of invasive pneumococcal diseases caused by resistant strains declined in immunized children, adults and elderly individuals. In Brazil, the mortality rate of pneumococcal meningitis is very high and the resistance to antibiotics has increased over the last 5 years. CONCLUSIONS: Heptavalent pneumococcal conjugate vaccine can benefit not only children, but the entire community and should be included in the Brazilian routine immunization schedule.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

18

Nutrição e exercício na prevenção e controle das doenças cardiovasculares/ Nutrition and exercise on cardiovascular disease prevention and control

Rique, Ana Beatriz Ribeiro; Soares, Eliane de Abreu; Meirelles, Claudia de Mello
2002-12-01

Resumo em português As doenças cardiovasculares constituem a principal causa de mortalidade no mundo e o seu crescimento significativo nos países em desenvolvimento alerta para o potencial impacto nas classes menos favorecidas. São influenciadas por um conjunto de fatores de risco, alguns modificáveis mediante alterações no estilo de vida, como a dieta adequada e o exercício regular. O objetivo da presente revisão é abordar esses aspectos a fim de prevenir e controlar as doenças ca (mais) rdiovasculares. O consumo de vegetais, frutas, grãos integrais, soja, azeite e peixes deve ser aumentado, ainda que limitando a quantidade de gordura. Os alimentos ricos em ácidos graxos saturados e trans devem ser evitados, assim como o uso excessivo de sal e bebidas alcoólicas. Além do exercício aeróbio, as atividades contra resistência vêm aumentando sua importância na reabilitação cardíaca. Essas mudanças de estilo de vida deveriam ser prioridades na Saúde Pública a fim de deter o avanço das doenças cardiovasculares em nosso país. Resumo em inglês Cardiovascular diseases represent the major worldwide cause of death, and their significant growth in developing countries alerts against their impact on underprivileged classes. Cardiovascular diseases are subject to a set of risk factors, some of which can be altered through changes in lifestyle, such as balanced diet and regular exercising. The purpose of this review is to approach these factors in order to prevent and control cardiovascular diseases. The consumption o (mais) f vegetables, fruit, whole grains, soybeans, olive oil, and fish must be increased, although limiting the amount of fat. Saturated and trans fatty acids must be avoided, as well as excessive use of salt and alcoholic beverages. Besides aerobics, resistance training activities are increasing their importance in cardiac rehabilitation. Such lifestyle changes should be prioritized by Public Health authorities in order to hold back cardiovascular disease occurrence in our country.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

19

Eficácia do adefovir dipivoxil, entecavir e telbivudina para o tratamento da hepatite crônica B: revisão sistemática/ The efficacy of adefovir dipivoxil, entecavir and telbivudine for chronic hepatitis B treatment: a systematic review

Almeida, Alessandra Maciel; Ribeiro, Andréia Queiroz; Pádua, Cristiane Aparecida Menezes de; Brandão, Cristina Mariano Ruas; Andrade, Eli Iôla Gurgel; Cherchiglia, Mariângela Leal; Carmo, Ricardo Andrade; Acurcio, Francisco de Assis
2010-08-01

Resumo em português INTRODUÇÃO: A hepatite crônica B é uma das doenças infecciosas mais frequentes no mundo e constitui um grave problema de saúde pública MÉTODOS: Para avaliar a eficácia dos análogos de núcleosídeo/nucletídeo utilizados no seu tratamento (adefovir dipivoxil, entecavir e telbivudina) foi conduzida uma revisão sistemática de ensaios clínicos randomizados. Foram consultadas, dentre outras, as bases de dados PubMed e LILACS RESULTADOS: Foram selecionados 29 arti (mais) gos entre os publicados de janeiro/1970 até dezembro/2009 CONCLUSÕES: Todos os análogos de núcleosídeo/nucletídeo apresentam eficácia superior ou similar à lamivudina. O entecavir pode ser indicado para o tratamento da hepatite B crônica como alternativa à lamivudina em pacientes HBeAg positivo e negativo virgens de tratamento, considerando seu baixo potencial de resistência viral. A adição de adefovir à lamivudina apresentou bons resultados em pacientes resistentes à lamivudina. O uso de entecavir e telbivudina nesses pacientes apresenta risco de resistência cruzada. Telbivudina é um dos mais recentes antivirais disponíveis, mas resistência antiviral já documentada representa limitação ao seu uso como opção terapêutica à lamivudina. Eventos adversos aos análogos de núcleosídeo/nucletídeo foram similares em características, gravidade e incidência quando comparados à lamivudina e placebo. Resumo em inglês INTRODUCTION: Chronic hepatitis B is one of the most frequent infectious disease in the world and represents a serious problem of public health METHODS: A systematic review of randomized clinical trials was conducted to evaluate the efficacy of the nucleoside/nucleotide analogues (adefovir, entecavir and telbivudine) used for the treatment of chronic hepatitis B. The databases PubMed and LILACS were consulted, among others RESULTS: Twenty nine articles published between J (mais) anuary/1970 to December/2009 were selected CONCLUSIONS: All nucleoside/nucleotide analogues demonstrate upper or similar efficacy to lamivudine. The entecavir can be appropriate for patients with chronic hepatitis B, HBeAg positive and negative treatment-naive as alternative to lamivudine, considering its low potential of viral resistance. The addition of adefovir to lamivudine presented good results in lamivudine resistant patients. The use of entecavir and telbivudine in those patients presents risk of crossed resistance. TBV is one of the most recent antivirals available, but antiviral resistance already documented represents limitation to its use as therapeutic option to LAM. Adverse events of nucleoside/nucleotide analogues were similar in characteristics, gravity and incidence when compared to the lamivudina and placebo.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

20

Síndrome Metabólica, seus fenótipos e resistência à insulina pelo HOMA-RI/ Metabolic syndrome, its phenotypes, and insulin resistance by HOMA-IR

Oliveira, Ernesto P. de; Lima, Maria das Dores A. de; Souza, Mirabeau Levi A. de
2007-12-01

Resumo em português O diagnóstico de síndrome metabólica (SM) segundo o National Cholesterol Education Program Adult Treatment Panel III não reflete necessariamente a presença de resistência à insulina (RI), um potencial alvo terapêutico para prevenção de diabetes tipo 2 e doenças cardiovasculares. Em estudo de corte transversal, assentado em dados anteriores de prevalência, avaliamos o comportamento do HOMA-RI, um parâmetro de RI bem difundido, frente à SM e anormalidades asso (mais) ciadas. HOMA-RI foi maior nos indivíduos com SM (2,8 ± 1,6 vs. 1,8 ± 1,4) (p 2,5 aliou bons níveis de especificidade e sensibilidade para a associação de SM e RI. Diferente de aumento da glicemia, obesidade abdominal e elevação da trigliceridemia, componentes da SM mais bem relacionados com RI, a elevação da pressão arterial e a redução do HDL-c não mostraram associação com HOMA-RI > 2,5. A demonstração de que alguns fenótipos de SM ou anormalidades associadas foram mais preditivos de RI pode apontar para a possibilidade de uso do índice como um indicador de RI associada à SM. Resumo em inglês The diagnosis of the metabolic syndrome (MS) according to the National Cholesterol Education Program Adult Treatment Panel III does not reflect necessarily the presence of insulin resistance (IR), a potential therapeutical target for type 2 diabetes and cardiovascular disease prevention. Based on previous prevalence data, a cross-sectional study was conducted to determine the HOMA-IR relationship to the MS and some associated abnormalities. HOMA-IR > was higher in individ (mais) uals with the MS (2.8 ± 1.6 vs. 1.8 ± 1.4) (p or = 2.5 allied good specificity and sensitivity levels for the association of MS and IR. Hyperglycemia, hypertrigliceridemia, and abdominal obesity, the MS components best related to IR, were statistically associated with HOMA-IR > 2.5, but not hypertension neither low HDL-c. The demonstration that some of MS phenotypes or associated abnormalities were more predictive for IR could point out to the possibility of the use of the index as a marker of the presence of IR associated to MS.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

21

Global status of DDT and its alternatives for use in vector control to prevent disease/ Estado global do DDT e suas alternativas para utilização no controle de vetores para prevenção de doenças

van den Berg, Henk
2011-02-01

Resumo em português Neste artigo, revisei o estado do dicloro-difenil-tricloroetano (DDT) utilizado no controle de doenças causadas por vetores, e seus benefícios e riscos em relação às alternativas disponíveis. Dados atuais sobre o uso de DDT foram obtidos através de questionários e relatórios, assim como uma busca Scopus para resgatar artigos publicados. Quase 14 países utilizam DDT para controle de doenças, e diversos outros o estão reintroduzindo. A preocupação sobre o uso (mais) contínuo de DDT é abastecida por relatórios recentes dos altos níveis de exposição humana associada com a pulverização em recintos fechados, acumulando evidências sobre efeitos crônicos a saúde. Existem sinais de que mais vetores da malária estão se tornando resistentes à ação tóxica do DDT. Métodos químicos efetivos estão disponíveis como alternativas imediatas ao DDT, mas o desenvolvimento da resistência está diminuindo a eficácia das ferramentas de insetização. Métodos não químicos são potencialmente importantes, mas sua efetividade no programa necessita de estudos urgentes. O controle integrado de vetores fornece uma estrutura para o desenvolvimento e a implementação de tecnologias e estratégias efetivas como alternativas sustentáveis à dependência ao DDT. Resumo em inglês In this article I reviewed the status of dichlorodiphenyltrichloroethane (DDT), used for disease vector control, and its benefits and risks in relation to the available alternatives. Contemporary data on DDT use were obtained from questionnaires and reports as well as a Scopus search to retrieve published articles. Nearly 14 countries use DDT for disease control, and several others are reintroducing DDT. Concerns about the continued use of DDT are fueled by recent reports (mais) of high levels of human exposure associated with indoor spraying amid accumulating evidence on chronic health effects. There are signs that more malaria vectors are becoming resistant to the toxic action of DDT. Effective chemical methods are available as immediate alternatives to DDT, but the development of resistance is undermining the efficacy of insecticidal tools. Nonchemical methods are potentially important, but their effectiveness at program level needs urgent study. To reduce reliance on DDT, support is needed for integrated and multipartner strategies of vector control. Integrated vector management provides a framework for developing and implementing effective technologies and strategies as sustainable alternatives to reliance on DDT.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

22

Global status of DDT and its alternatives for use in vector control to prevent disease/ Estado global do DDT e suas alternativas para utilização no controle de vetores para prevenção de doenças

van den Berg, Henk
2011-02-01

Resumo em português Neste artigo, revisei o estado do dicloro-difenil-tricloroetano (DDT) utilizado no controle de doenças causadas por vetores, e seus benefícios e riscos em relação às alternativas disponíveis. Dados atuais sobre o uso de DDT foram obtidos através de questionários e relatórios, assim como uma busca Scopus para resgatar artigos publicados. Quase 14 países utilizam DDT para controle de doenças, e diversos outros o estão reintroduzindo. A preocupação sobre o uso (mais) contínuo de DDT é abastecida por relatórios recentes dos altos níveis de exposição humana associada com a pulverização em recintos fechados, acumulando evidências sobre efeitos crônicos a saúde. Existem sinais de que mais vetores da malária estão se tornando resistentes à ação tóxica do DDT. Métodos químicos efetivos estão disponíveis como alternativas imediatas ao DDT, mas o desenvolvimento da resistência está diminuindo a eficácia das ferramentas de insetização. Métodos não químicos são potencialmente importantes, mas sua efetividade no programa necessita de estudos urgentes. O controle integrado de vetores fornece uma estrutura para o desenvolvimento e a implementação de tecnologias e estratégias efetivas como alternativas sustentáveis à dependência ao DDT. Resumo em inglês In this article I reviewed the status of dichlorodiphenyltrichloroethane (DDT), used for disease vector control, and its benefits and risks in relation to the available alternatives. Contemporary data on DDT use were obtained from questionnaires and reports as well as a Scopus search to retrieve published articles. Nearly 14 countries use DDT for disease control, and several others are reintroducing DDT. Concerns about the continued use of DDT are fueled by recent reports (mais) of high levels of human exposure associated with indoor spraying amid accumulating evidence on chronic health effects. There are signs that more malaria vectors are becoming resistant to the toxic action of DDT. Effective chemical methods are available as immediate alternatives to DDT, but the development of resistance is undermining the efficacy of insecticidal tools. Nonchemical methods are potentially important, but their effectiveness at program level needs urgent study. To reduce reliance on DDT, support is needed for integrated and multipartner strategies of vector control. Integrated vector management provides a framework for developing and implementing effective technologies and strategies as sustainable alternatives to reliance on DDT.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

23

Síndrome metabólica e artrite idiopática juvenil/ Metabolic syndrome and juvenile idiopathic arthritis

Zanette, Clarisse de Almeida; Machado, Sandra Helena; Brenol, João Carlos Tavares; Xavier, Ricardo Machado
2010-04-01

Resumo em português A Artrite Idiopática Juvenil (AIJ) é a artropatia crônica mais prevalente na infância e na adolescência. A prevalência da síndrome metabólica, assim como da obesidade, vem apresentando rápido aumento, atingindo todas as faixas etárias, inclusive a infância. A síndrome metabólica é caracterizada por um conjunto de riscos para doença cardiovascular e diabetes melito tipo 2, abrangendo adiposidade abdominal, resistência à insulina, dislipidemias e hipertens� (mais) �o arterial sistêmica. Além desses componentes, a inflamação tem sido reconhecida cada vez mais como um fator importante na síndrome metabólica e na obesidade, e pacientes com doenças caracterizadas por processos inflamatórios crônicos, como a AIJ, poderiam representar grupos de risco especiais. Os glicocorticoides são utilizados rotineiramente no controle da inflamação da AIJ, em doses elevadas e com uso prolongado. O uso crônico do glicocorticoide pode induzir resistência à insulina, hipertensão arterial sistêmica e obesidade, aumentando o risco de desenvolver síndrome metabólica. O objetivo deste artigo é revisar a literatura sobre a prevalência dos diversos componentes da síndrome metabólica em pacientes com AIJ. Observamos que, nesses pacientes, os dados sobre síndrome metabólica e seus componentes são muito escassos e mais estudos se fazem necessários, tendo em vista o potencial impacto no aumento do risco de doença cardiovascular. Resumo em inglês Juvenile idiopathic arthritis (JIA) is the most prevalent chronic arthropathy in childhood and adolescence. The prevalence of metabolic syndrome, as well as obesity, is increasing rapidly in all age groups, including children. Metabolic syndrome is defined as a cluster of risk factors for cardiovascular disease and type 2 diabetes mellitus, including abdominal obesity, insulin resistance, dyslipidemia and hypertension. Besides those components, inflammation has been incre (mais) asingly considered as a significant component of metabolic syndrome and obesity, and patients with diseases characterized by the presence of chronic inflammation, such as JIA, could represent special risk groups. Glucocorticoids are used routinely in the management of the inflammation of JIA, in high doses and long-term. Long-term use of the glucocorticoids can cause to insulin resistance, hypertension, and obesity, increasing the risk of metabolic syndrome. The aim of this study is to review the literature on the prevalence of different components of metabolic syndrome in patients with JIA. We observed that the data on metabolic syndrome and its components in those patients are very scarce and more studies needed, in view of the potential increased risk of cardiovascular disease.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

24

Atendimento multidisciplinar do paciente ortodôntico com epidermólise bolhosa/ Multidisciplinary management of the orthodontic patient with epidermolysis bullosa

Alves, Patrícia Valéria Milanezi; Alves, Daniele Karina Milanezi; Maciel, José Vinicius Bolognese; Bolognese, Ana Maria
2007-01-01

Resumo em português O termo epidermólise bolhosa descreve um grupo variado de doenças hereditárias, crônicas, não inflamatórias, epiteliais e da mucosa, que são caracterizadas por excepcional fragilidade e reduzida resistência após trauma moderado. Esta doença é classificada em forma simples, juncional ou distrófica, com pelo menos 23 subtipos, e é uma doença rara que afeta toda a população, qualquer grupo racial e igualmente homens e mulheres. OBJETIVO: os autores relatam pr (mais) oblemas sistêmicos e bucais associados à epidermólise bolhosa, norteando atitudes clínicas multidisciplinares quando o paciente necessita de tratamento ortodôntico. Resumo em inglês The term epidermolysis bullosa describes a varied group of hereditary, chronic, non-inflammatory diseases of the skin and mucosa, which are characterized by remarkable skin fragility and reduced resistance after moderate trauma. This disease is classified as simple, junctional or dystrophic form, with at least 23 subtypes, and is a rare disease found in all populations and racial groups, equally affecting males and females. AIM: the authors reports systemic and oral probl (mais) ems associated with epidermolysis bullosa, guiding the multidisciplinary clinical attitudes when the patient needs orthodontic treatment.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

25

Ventilação mecânica convencional em pediatria/ Conventional mechanical ventilation in pediatrics

Rotta, Alexandre T.; Steinhorn, David M.
2007-05-01

Resumo em português OBJETIVO: Revisar os vários desafios existentes na ventilação mecânica de pacientes pediátricos com doenças de resistência elevada das vias aéreas, complacência pulmonar anormal ou pulmões normais. FONTES DOS DADOS: Dados originais coletados em nossa unidade de tratamento intensivo pediátrico e em nosso laboratório de pesquisa animal. Artigos pertinentes incluídos na base de dados MEDLINE durante os últimos 10 anos. Também foram incluídos capítulos de liv (mais) ros e estudos definitivos, a critério dos autores, sobre asma, síndrome do desconforto respiratório agudo, ventilação mecânica, lesão pulmonar induzida pelo ventilador e hipercapnia permissiva. SÍNTESE DOS DADOS: O foco da ventilação mecânica de pacientes com doenças que resultam em resistência elevada das vias aéreas deve centrar-se na hipercapnia permissiva e prevenção de hiperinsuflação dinâmica, permitindo exalação total antes do início da inspiração subseqüente. A pressão expiratória final positiva deve ser usada comedidamente para evitar atelectasia e facilitar a sincronia em pacientes com respiração espontânea. A ventilação mecânica de pacientes com doenças de complacência pulmonar anormal deve levar em consideração a distribuição heterogênea da lesão pulmonar. O enfoque deve ser na prevenção de volutrauma e atelectrauma, que podem resultar em lesão pulmonar associada ao ventilador. CONCLUSÕES: A última década foi marcada por significativos avanços no manejo de insuficiência respiratória em pacientes pediátricos. A escolha da estratégia de ventilação mecânica pode influenciar significativamente o curso subseqüente da lesão pulmonar. A ventilação mecânica não pode ser vista apenas como uma mera modalidade de suporte usada para manter os pacientes vivos enquanto que tratamentos específicos à doença são empregados para melhorar a patologia de base. Resumo em inglês OBJECTIVE: To review the various challenges of providing mechanical ventilation to pediatric patients with diseases of increased airway resistance, diseases of abnormal lung compliance or normal lungs. SOURCES: Original data from our pediatric intensive care unit and animal research laboratory. Relevant articles included in the MEDLINE electronic database during the last 10 years. Also included were book chapters and definitive studies, as judged by the authors, in the fi (mais) elds of asthma, acute respiratory distress syndrome, mechanical ventilation, ventilator-induced lung injury and permissive hypercapnia. SUMMARY OF THE FINDINGS: Mechanical ventilation of patients with diseases of increased airway resistance should center on avoidance of dynamic hyperinflation, allowing complete exhalation prior to the initiation of a subsequent breath and permissive hypercapnia. Positive end-expiratory pressure should be used sparingly to prevent atelectasis and facilitate synchrony in spontaneously breathing patients. Mechanical ventilation of patients with diseases of abnormal lung compliance should take into consideration the inhomogeneous distribution of lung disease. Focus should be on avoidance of volutrauma and atelectrauma that could result in ventilator-associated lung injury. CONCLUSIONS: The last decade was marked by significant advances in the management of pediatric respiratory failure. The choice of mechanical ventilation strategy can significantly influence the subsequent course of lung injury. Mechanical ventilation can no longer be viewed simply as a harmless support modality that is employed to keep patients alive while disease-specific treatments are used to ameliorate the underlying pathology.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

26

Transmissibilidade e reação de genótipos de algodoeiro a uma forma atípica do vírus do mosaico das nervuras/ Transmissibility and cotton genotypes' response to an atypical form of vein mosaic virus disease

Galbieri, Rafael; Cia, Edivaldo; Fuzatto, Milton G; Franzon, Rodrigo C; Belot, Jean L; Dias, José A. Caram de Souza
2010-04-01

Resumo em português Experimentos conduzidos em casa de vegetação, mediante condições controladas, e em campo, sob infestação natural, foram realizados com o objetivo de testar a transmissibilidade e a reação de genótipos de algodoeiro ao que se presume ser uma nova virose, afetando algodoais, notadamente, no Estado de Mato Grosso. Os testes demonstraram que a doença - denominada provisoriamente neste trabalho, "mosaico das nervuras atípico" - tem como vetor o pulgão do algodoeiro (mais) (Aphis gossypii Glover). Genótipos de algodoeiro, compreendendo cultivares e linhagens avançadas disponíveis no Brasil, diferiram notavelmente quanto à reação ao patógeno, enquadrando-se em grupos graduais de resistência/suscetibilidade. A inexistência de correlação positiva entre a resposta dos genótipos à virose em questão e ao mosaico das nervuras f. Ribeirão Bonito ("doença azul"), corrente na região, indica que patógenos diferentes podem ser responsáveis pelas duas doenças. Resumo em inglês Greenhouse controlled experiments and field trials, under natural infestation, were carried out in order to verify the transmissibility and the reaction of cotton genotypes to a presumed new virus disease affecting cotton crops, mainly in Mato Grosso State, Brazil. The tests revealed that the disease, which is being tentatively named "atypical vein mosaic", has as a vector the cotton aphid (Aphys gossypii Glover). Cotton genotypes, comprising cultivars and advanced lineag (mais) es available in Brazil, differed considerably with respect to reaction to the pathogen; they were put in graded groups of resistance/susceptibility. The lack of positive correlation between the genotypes' response to this disease, and to the vein mosaic viruses ("blue disease") currently present in this region, indicated that different pathogens could be responsible for these two diseases.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

27

Exercícios resistidos terapêuticos para indivíduos com doença arterial obstrutiva periférica: evidências para a prescrição/ Therapeutic resistance exercises for individuals with peripheral arterial obstructive disease: evidence for prescription

Câmara, Lucas Caseri; Santarém, José Maria; Wolosker, Nelson; Dias, Raphael Mendes Ritti
2007-09-01

Resumo em português A prática regular de exercícios é parte do tratamento clínico inicial para pacientes com doença arterial obstrutiva periférica. Nesse sentido, a utilização de exercícios contra resistência (exercícios resistidos) tem sido amplamente recomendada para diferentes populações, especialmente para pessoas idosas com e sem doenças associadas. Os poucos trabalhos encontrados utilizando essa forma de exercícios em pacientes com doença arterial obstrutiva periférica (mais) documentam a sua eficiência terapêutica. No entanto, os efeitos documentados dos exercícios resistidos em outras populações têm evidenciado melhoria da aptidão física e da qualidade de vida, com segurança cardiovascular e músculo-esquelética. Essas informações fornecem indicativos sobre os possíveis benefícios dos exercícios resistidos na terapia de indivíduos com doença arterial obstrutiva periférica. Nesse sentido, esta revisão objetivou apresentar informações científicas que permitam auxiliar a prescrição dos exercícios resistidos para essa população. Resumo em inglês A regular physical activity program is part of the initial clinical approach to patients with peripheral arterial obstructive disease. Therefore, use of exercises against resistance loads (resistance training) has been widely recommended for different populations, especially for elderly individuals with and without associated diseases. The few studies that have used this form of exercise in patients with peripheral arterial obstructive disease demonstrated its therapeutic (mais) efficiency. However, reported effects of resistance training in other populations have evidenced improvement in physical fitness and quality of life, with cardiovascular and musculoskeletal safety. These data indicate the possible benefits of resistance training in peripheral arterial obstructive disease therapy. Thus, this review aimed at presenting scientific information that can help prescription of resistance training for this population.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

28

Fungitoxidade in vitro de extratos vegetais sobre Exserohilum turcicum (Pass) Leonard & Suggs/ In vitro fungitoxicity of plant extracts on Exserohilum turcicum (Pass) Leonard & Suggs

Scapin, C.R; Carnelossi, P.R; Vieira, R.A; Schwan-Estrada, K.R.F; Cruz, M.E.S
2010-03-01

Resumo em português A helmintosporiose, causada pelo fungo Exserohilum turcicum, é uma das principais doenças do milho-pipoca cultivado no Brasil. Devido às características da cultura, como porte da planta, extensão da área de plantio e rentabilidade econômica, o emprego de resistência genética e controle químico têm sido as principais formas de controle da doença. O emprego de agrotóxicos na agricultura tem levado riscos à saúde humana e freqüentes danos ao meio ambiente. As (mais) sim, na busca de métodos alternativos para o controle da helmintosporiose foi avaliado o efeito fungitóxico dos extratos vegetais das plantas Achillea milefollium (mil-folhas), Cymbopogon citratus (capim-limão), Artemisia camphorata (cânfora) e Rosmarinus officinalis (alecrim) no crescimento micelial de E. turcicum, em dois meios de cultura (BDA - batata-dextrose-ágar; e LCH - lactose caseína hidrolisada). Os extratos de alecrim e cânfora foram os que apresentaram maior inibição do crescimento micelial nos dois meios de cultura, enquanto que os extratos de mil-folhas e capim limão estimularam o crescimento micelial em meio LCH. Resumo em inglês Helminthosporiose is caused by the fungus Exserohilum turcicum and represents one of the main diseases in popcorn grown in Brazil. Due to its characteristics, such as plant size, planting area extension and economic profitability, the use of genetic resistance and chemical control has constituted the main procedure against such disease. The use of pesticides in agriculture has resulted in risks to the human health and frequent damages to the environment. Thus, the fungito (mais) xic effect of plant extracts of Achillea millefolium (yarrow), Cymbopogon citratus (lemon grass), Artemisia camphorata (camphor) and Rosmarinus officinalis (rosemary) on the mycelial growth of E. turcicum was evaluated by using two culture media (PDA - potato dextrose agar, and LCH - lactose-casein hydrolysate) in order to set alternative methods for controlling helminthosporiose. Rosemary and camphor extracts led to higher mycelial growth inhibition in both culture media, whereas yarrow and lemon grass extracts stimulated mycelial growth in LCH medium.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

29

Reação de cultivares de algodoeiro a Ramularia areola/ Cotton cultivars resistance to Ramularia areola

Lima, Lonjoré Leocádio de; Barreto, Modesto; Scaloppi, Érika Auxiliadora Giacheto
2010-03-01

Resumo em português Dentre as doenças causadoras de manchas foliares em algodoeiro, a mancha de ramulária (Ramularia areola Atk) tem se tornado importante em virtude das condições climáticas favoráveis para o desenvolvimento do patógeno, aliadas ao uso de cultivares suscetíveis, plantio consecutivo e extenso. Neste trabalho avaliaram-se os cultivares Delta Opal, Acala 90, Makina, Delta Penta e Sure Grow 821 quanto à resistência a R. areola, em condições de campo na FCAV-UNESP, no (mais) ano de 2006. A severidade da doença, que ocorreu por infecção natural das plantas pelo fungo, foi avaliada semanalmente em trinta plantas devidamente marcadas, utilizando-se uma escala descritiva de notas: 1 = 0%, 2 = até 5%, 3 = de 5,1 a 25%, 4 = de 25,1 a 50% e 5 = acima de 50% de área foliar com sintomas. Foram elaboradas curvas de progresso da doença para os cinco cultivares e o modelo monomolecular foi o que melhor se ajustou aos dados, em comparação com o logístico, o exponencial e o modelo de Gompertz. A análise dos dados indicou que houve diferença significativa entre os genótipos, sendo que Delta Opal, Makina e Sure Grow 821 mostraram-se mais suscetíveis e Delta Penta e Acala 90 mais resistentes ao fungo. Resumo em inglês Among the disease causing leaf spot in cotton, the gray mildew (Ramularia areola Atk.) has become important due to environmental conditions favorable for development of the disease susceptible cultivars, consecutive and intensive and extensive cultivation. This work evaluated the resistance of the cultivars Delta Opal, Acala 90, Makina, Delta Penta and Sure Grow 821 to resistance the R. areola, in field conditions in FCAV-UNESP. The disease occurred under natural infectio (mais) n and, its severity was evoluated weekly, in thirty previously marked plants using the following rating scale: 1 = 0%, 2 = up to 5%, 3 = 5,1 to 25%, 4 = 25,1 to 50% and 5 = over of 50% of foliar area with symptoms. The monomolecular model was better adjusted to the data in comparison with the logistic, exponential and Gompertz models, for elaboration of the curves of progress of the disease. The analysis of the data indicated significant differences between the genotypes.The cultivars Delta Opal, Makina and Sure Grow 821 were more susceptible and Delta Penta and Deltapine Acala 90 more resistant to gray mildew.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

30

Alterações metabólicas, terapia antirretroviral e doença cardiovascular em idosos portadores de HIV/ Metabolic abnormalities, antiretroviral therapy and cardiovascular disease in elderly patients with HIV/ Alteraciones metabólicas, terapia antirretroviral y enfermedad cardiovascular en adultos mayores portadores de VIH

Kramer, Andréa Sebben; Lazzarotto, Alexandre Ramos; Sprinz, Eduardo; Manfroi, Waldomiro Carlos
2009-11-01

Resumo em português Um dos fenômenos mais atuais da síndrome da imunodeficiência adquirida (AIDS) é o surgimento de uma nova população vulnerável: os idosos. Um dos fatores responsáveis por este aumento é o desenvolvimento da terapia antirretroviral combinada (TARV), que tem proporcionado uma melhor qualidade e expectativa de vida do portador de HIV. Entretanto, a TARV está associada a efeitos adversos como dislipidemia, diabete melito e resistência à insulina, os quais se consti (mais) tuem como fatores de risco para doença cardiovascular. Com o impacto da TARV no metabolismo glicídico e lipídico, surgiram muitos estudos associando a infecção pelo HIV e a doença cardiovascular, assim como, os seus fatores de risco e a utilização da TARV, porém, poucos deles relatam sobre a cardiotoxicidade desta Terapia em idosos. Este artigo tem o objetivo de revisar as principais alterações metabólicas causadas pelo uso da terapia antirretroviral e o seu impacto no aumento do risco de doenças cardiovasculares nos idosos portadores de HIV. Resumo em espanhol Uno de los fenómenos más actuales del síndrome de la inmunodeficiencia adquirida (SIDA) es el surgimiento de una nueva población vulnerable: los adultos mayores. Uno de los factores responsables de este incremento es el desarrollo de la terapia antirretroviral combinada (TARV), que ha proporcionado una mejor calidad y expectativa de vida del portador de VIH. Sin embargo, la TARV está asociada a efectos adversos como dislipidemia, diabetes melito y resistencia a la in (mais) sulina, los que se constituyen como factores de enfermedad para riesgo cardiovascular. Con el impacto de la TARV en el metabolismo glucídico y lipídico, surgieron muchos estudios asociando la infección por el riesgo y la enfermedad cardiovascular, así como, sus factores de VIH y la utilización de la TARV, sin embargo, pocos de ellos relatan sobre la cardiotoxicidad de esta terapia en adultos mayores. Este artículo tiene por objeto revisar las principales alteraciones metabólicas causadas por el uso de la terapia antirretroviral y su impacto en el aumento del riesgo de enfermedades cardiovasculares en los adultos mayores portadores de VIH. Resumo em inglês One of the most recent phenomena related to the acquired immunodeficiency syndrome (AIDS) is the emergence of a new vulnerable population: the elderly. One of the factors that account for this increase is the development of combination antiretroviral therapy (ART), which has provided better quality of life and life expectancy for HIV-positive patients. However, ART is associated with adverse effects such as dyslipidemia, diabetes mellitus and insulin resistance, which are (mais) risk factors for cardiovascular disease. Due to the impact of ART on lipid and glucose metabolism, many studies were published involving HIV infection and cardiovascular disease, as well as their risk factors and the use of ART, but few of them reported on the cardiotoxicity of this therapy in the elderly. The objective of this study is to review the main metabolic changes caused by the use of antiretroviral therapy and its impact on an increased risk of cardiovascular disease in elderly people with HIV.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

31

Herança da resistência quantitativa à ferrugem da folha em linhagens recombinantes de aveia branca/ Inheritance of quantitative resistance to crown rust in recombinant lines of white oat

Wesp, Caroline L.; Martinelli, José A.; Chaves, Márcia S.; Graichen, Felipe A.S.; Federizzi, Luiz C.
2008-04-01

Resumo em português A resistência quantitativa à ferrugem da folha da aveia está sendo preconizada em programas de melhoramento genético na busca de uma resistência mais durável, pois exerce menor pressão de seleção para virulência sobre a população patogênica do que a resistência qualitativa. Este tipo de resistência é o resultado da combinação de componentes como: longo período latente, curto período infeccioso, baixa eficiência de infecção e pústulas de comprimento (mais) reduzido. Neste patossistema, entretanto, não se sabe ao certo o papel individual de cada um destes componentes sobre o desenvolvimento da doença, bem como, o número de genes que determinam sua expressão. Assim, este trabalho visou caracterizar aspectos da herança da resistência à ferrugem da folha em 83 linhagens recombinantes F6:10 de aveia branca, oriundas do cruzamento de UFRGS 7 (suscetível) com UFRGS 910906 (com resistência quantitativa). Os resultados indicam que esta resistência é de natureza poligênica e parece ser governada por vários genes de pequeno efeito, sendo que sua expressão fenotípica é resultado da ação conjunta de mais de um componente. Resumo em inglês Quantitative resistance to oat crown rust is being praised in breeding programs in search of more durable resistance because it exerts less selection pressure for virulence on the pathogenic population than does qualitative resistance. This type of resistance results from the combination of components such as: long latency period, short period of infection, low infection efficiency and pustules of reduced length. However, in this pathosystem the individual role of each co (mais) mponent in disease development is not known, and nor are the number of genes that control these traits. This work aimed to characterize some aspects of the inheritance of quantitative resistance to crown rust in 83 F6:10 white oat recombinant lines from the UFRGS 7 (susceptible) x UFRGS 910906 (quantitative resistance) cross. The results indicate that this resistance is of a polygenic nature; it seems to be governed by several genes of small effect, and its expression results from the combined effect of more than one component.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

32

Análise multivariada dos componentes da resistência à ferrugem-asiática em genótipos de soja/ Multivariate analysis of resistance components to Asian rust in soybean genotypes

Koga, Lucimara Junko; Canteri, Marcelo Giovanetti; Calvo, Éberson Sanches; Unfried, Jair Rogério; Garcia, Alexandre; Harada, Arlindo; Kiihl, Romeu Afonso de Souza
2008-10-01

Resumo em português O objetivo deste trabalho foi detalhar os ciclos de infecção da Phakopsora pachyrhizi Syd. & P. Syd. em genótipos de soja, para o estabelecimento de grupos de genótipos mais promissores para o uso como fontes de resistência à ferrugem. Os componentes do ciclo de infecção foram quantificados em 48 genótipos. Foram avaliados: tipo de lesão, intensidade de esporulação, severidade, número de lesões e de urédias e produtividade de urediniósporos. Pela análise (mais) de agrupamentos, formaram-se quatro grupos: A - desenvolveu a maior quantidade de doença; B - desenvolveu a menor quantidade de doença; C - baixa resistência inicial e D - alta resistência inicial. Os genótipos dos grupos B, C e D apresentaram lesões RB ("redish-brown") e variaram quanto à resistência inicial, resistência tardia, intensidade de esporulação, estabilidade da resposta qualitativa, produtividade de urediniósporos e número de dias para atingir 50% da severidade máxima. Entre as variáveis analisadas, as que apresentaram importância prática foram as avaliações das respostas qualitativas e as de severidade. Esta última reflete os efeitos combinados de resistência sobre todos os componentes da infecção e apresentam importância prática na diferenciação de genótipos, quanto à resistência à doença. Os genótipos dos grupos B, C e D manifestaram resistência qualitativa e quantitativa, em diferentes graus, e promissores para serem utilizados como fontes de genes de resistência à ferrugem-asiática-da-soja. Resumo em inglês The objective of this study was to detail the infection cycles of Phakopsora pachyrhizi Syd. & P. Syd. in soybean genotypes, in order to establish a group of the most promising genotypes for use as sources of resistance to Asian soybean rust. The infection cycle components were quantified in 48 genotypes. The assessments consisted of: type of lesion, intensity of sporulation, severity, number of lesions and uredinias, and productivity of urediniospores. The cluster analys (mais) is formed four groups: A - developed the highest amount of disease; B - developed the lowest amount of disease; C - low initial resistance; and D - high initial resistance. All the genotypes of groups B, C and D had RB (redish-brown) lesions and varied for initial resistance, delayed resistance, intensity of sporulation, stability of the qualitative response, productivity of urediniospores, and number of days to reach 50% of the maximum severity. Qualitative responses and disease severity evaluations reflect the combined effects of resistance on all the infection components and show practical importance in genotypes differentiation, regarding disease resistance. The genotypes of groups B, C and D presented qualitative and quantitative resistance, in different degrees, and they are promising genotypes as sources of resistance to Asian soybean rust.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

33

Expressão da resistência parcial à ferrugem da folha da aveia presente na linhagem MN841801, no ambiente do Sul do Brasil/ Expression of partial resistance to oat crown rust present in the lineage MN841801 submitted to the South Brazilian environment

Martinelli, José Antônio; Chaves, Márcia Soares; Federizzi, Luiz Carlos; Savi, Valda
2009-08-01

Resumo em português A ferrugem da folha é a doença mais importante da aveia, podendo comprometer a qualidade e o rendimento de grãos em até 50%. No ambiente do Sul do Brasil, a maioria dos genes de resistência ao patógeno causador da doença tem baixa efetividade, e a virulência das raças encontradas é muito complexa. A resistência quantitativa, que é um tipo de resistência incompleta ou parcial, é uma opção bastante promissora para ambientes como o do Sul do Brasil, uma vez q (mais) ue não impõe a intensa pressão de seleção sobre a população patogênica, para raças virulentas, como ocorre com a resistência qualitativa. A linhagem de aveia MN841801 é atualmente uma das principais fontes de resistência parcial à ferrugem da folha, pois tem sido efetiva frente a diversas populações do patógeno durante mais de 35 anos. Os objetivos deste trabalho foram: a) validar a expressão da resistência parcial à ferrugem da folha da aveia presente na linhagem MN841801, no ambiente da região Sul do Brasil e b) caracterizar a herança dessa resistência em relação ao número de genes. Os resultados mostraram que a severidade da ferrugem da folha, na linhagem MN841801, foi significativamente inferior à de cultivares suscetíveis, eo progresso da doença foi lento, quando comparado ao das suscetíveis. Constatou-se também que a herança da resistência de MN841801 é quantitativa, sendo condicionada por dois genes. Resumo em inglês Crown rust is the major oat disease that compromises the quality and yield in up to 50%. In south Brazil most of the resistance genes to rust pathogen has low effectiveness, and the virulence of the races present is very complex. The quantitative resistance, which is a type of incomplete or partial resistance, is a promising option for environments such as South American one, since it doesn't impose on the pathogen population the intense selection pressure for virulent ra (mais) ces, as it commonly happens with the qualitative resistance. The lineage oat MN841801 is now one of the main sources of partial resistance to crown rust in the world, because it has been submitted and effective to several populations of the pathogen during more than 35 years. The objectives of this research were: a) to validate the expression of the partial resistance to crown rust present in the lineage MN841801 under South Brazil environment, b) to characterize the inheritance of this resistance in relation to the number of genes. The results showed that the severity and the rate of disease progress of crown rust on MN841801 were significantly lower then the local susceptible cultivars. It was also observed that the inheritance of MN841801 resistance is quantitative and conditioned by two genes.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

34

Análise da herança da resistência a Puccinia psidii em progênies de híbridos interespecíficos de eucalipto avaliadas sob condições naturais de infecção/ Inheritance of resistance to Puccinia psidii G. Winter in a eucalyptus interspecific hybrid progeny evaluated under conditions of natural infection

Teixeira, Juliana E.C.; Guedes, Fernanda T.P.; Dias, Donizete C.; Bonine, César A.V.; Camargo, Luis Eduardo A.
2009-08-01

Resumo em português A ferrugem, causada pelo fungo Puccinia psidii, é atualmente a mais importante doença do eucalipto. Esta doença está amplamente disseminada pelo Brasil e causa sérios danos em viveiros e plantações. A identificação de germoplasma resistente aliado ao conhecimento da base genética da resistência são os requerimentos primordiais para o sucesso de programas de melhoramento visando à produção de cultivares resistentes. Estudos anteriores sobre a herança da res (mais) istência em condições controladas sugerem tanto uma herança monogênica como a participação de pelo menos 2 genes conferindo resistência à doença. O objetivo deste estudo foi avaliar a resistência a P. psidii, em condições de campo em quatorze progênies obtidas a partir de cruzamentos e auto-cruzamentos controlados entre quatro clones híbridos de Eucalyptus grandis Hill ex Maiden x Eucalyptus urophylla ST Blake,que contrastam para a resistência ao fungo. Os resultados indicam que a resistência pode ser explicada por um loco com efeito principal e pelo menos três alelos diferentes, com interações entre os alelos, resultando no fenótipo de resistência ou suscetibilidade. Entretanto, locos com menor efeito devem influenciar a resistência, uma vez que foram observadas variações nas classes de severidade da escala utilizada. Nenhuma diferença na segregação para a resistência foi observada entre cruzamentos recíprocos, sugerindo que não existe influência citoplasmática no controle deste caráter. Resumo em inglês Rust caused by the fungus Puccinia psidii is currently the most important disease of eucalyptus. It is widely disseminated in Brazil, and causes serious damage in nurseries and plantation areas. The identification of resistant germplasm along with knowledge of the genetic basis of resistance heredity are the first requirements for the success of breeding programs aiming to develop resistant varieties. Earlier studies carried out under controlled conditions suggested a mon (mais) ogenic control as well as the participation of at least two genes promoting resistance to rust. The goal of this study was to evaluate the resistance to P. psidii under field conditions in fourteen progenies from controlled crosses and self-crosses among four hybrid clones of Eucalyptus grandis Hill ex Maiden x Eucalyptus urophylla ST Blake that contrast for resistance to the fungus. Results indicated that resistance could be explained by one locus with main effects and at least three different alleles. However, loci with minor effects may influence the resistance, since variation on severity classes was observed. Differences in segregation of resistance between reciprocal crosses were not observed, indicating absence of cytoplasmic effects.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

35

Controle genético da resistência parcial à ferrugem da folha em aveia (Avena sativa L.)/ Genetic control of partial resistance of crown rust in oat (Avena sativa L.)

Barbosa-Prestes, Marta Martins; Federizzi, Luiz Carlos; Milach, Sandra Cristina Kothe; Martinelli, Jose Antônio
2008-04-01

Resumo em português Os objetivos deste trabalho foram descrever a variabilidade para resistência parcial à ferrugem da folha em populações segregantes, bem como estudar o controle genético envolvido na expressão da resistência. As avaliações de severidade da doença foram realizadas em 1998, 1999 e 2000, seguindo a escala modificada de Cobb. Os resultados de três anos de estudo evidenciaram que, apesar da grande influência do ambiente na expressão da resistência, as populações (mais) segregantes apresentaram grande variabilidade para resistência parcial. A distribuição de freqüências da Área Sob a Curva do Progresso da Doença (ASCPD) em gerações avançadas foi contínua para o caráter, indicando a presença de vários genes de pequeno efeito em seu controle. As estimativas de herdabilidade variaram de moderadas a altas. Resumo em inglês The objectives of this research were to describe the variability regarding partial resistance to leaf rust in segregating populations and to study genetic control of the resistance expression. The evaluation of disease was done at 1998, 1999 and 2000, according to modified Cobb’s scale. The results of three years studies showed that regardless the great environmental effect on the expression of resistance, the segregating population presented great variability for partia (mais) l resistance. The frequency distribution of AUDPC for advanced generations, was continuous for this trait, indicating the presence of several genes of small effects controlling the disease. The estimatives of herdability varied from moderate to high.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

36

Mecanismo genético de resistência em três cultivares de algodoeiro a Xanthomonas axonopodis pv. malvacearum/ Genetic mechanism of resistance to Xanthomonas axonopodis pv. malvacearum in three cotton cultivars

Zandoná, Carla; Mehta, Yeshwant R.; Schuster, Ivan; Alves, Priscila F. R.; Bomfeti, Cleide A.; Bibanco, Kelen R. P.; Silva, Rosana B.; Lopes, Lucilene P.
2005-12-01

Resumo em português A mancha angular do algodoeiro (Gossypium hirsutum) causada por Xanthomonas axonopodis pv. malvacearum (Xam) é uma doença de importância econômica para o Brasil, e sua severidade depende de fatores climáticos e da cultivar. A doença não é controlada por produtos químicos sendo que seu controle depende da utilização de sementes sadias, e resistência varietal. DeltaOPAL, EPAMIG Liça, e Fibermax 986 são importantes fontes de resistência a Xam, pois além de re (mais) sistência, apresentam boas características agronômicas. O objetivo do presente trabalho foi estudar o mecanismo de resistência à mancha angular envolvendo cruzamentos entre as três cultivares resistentes e a suscetível BRS Ita 90, em casa de vegetação. Populações parentais, F1 e F2 foram avaliadas após inoculação com um isolado agressivo de Xam. As três cultivares apresentaram mecanismos diferentes de resistência. Nas cultivares DeltaOPAL e EPAMIG Liça a resistência é conferida por um gene dominante, enquanto que em Fibermax 986, a resistência é dada por dois genes dominantes, independentes e complementares. Resumo em inglês Angular leaf spot of cotton (Gossypium hirsutum) caused by Xanthomonas axonopodis pv. malvacearum (Xam) is an economically important disease in Brazil. The severity of the disease depends on climatic conditions and the type of cultivar. The disease is not satisfactorily controlled by the use of chemicals, but with control depending basically on the use of healthy seed and resistant varieties. Cultivars DeltaOPAL, EPAMIG Liça and Fibermax 986 are the best sources of resis (mais) tance to Xam, since besides resistance, these cultivars possess desirable agronomic characteristics. The objective of the present investigation was to verify the mechanism of resistance to angular leaf spot in these three resistant cotton cultivars by crossing them with the susceptible cultivar BRS Ita 90, under glasshouse conditions. Parental populations F1 and F2 were evaluated in the glasshouse after inoculation with an aggressive isolate of Xam. All the three of the cultivars revealed different mechanisms of resistance. In cvs. DeltaOPAL and EPAMIG Liça, resistance is governed by one dominant gene, whereas in cv. Fibermax 986, the resistance is governed by two dominant, independent and complementary genes.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

37

Resistência parcial à brusone em somaclones da cultivar de arroz CICA-8/ Partial resistance to blast in somaclones of rice cultivar CICA-8

Araújo, Leila G.; Prabhu, Anne S.
2004-08-01

Resumo em português A obtenção de novas fontes de resistência à brusone é requerimento básico para melhoramento do arroz (Oryza sativa). O objetivo do trabalho foi avaliar, para resistência à brusone, 39 somaclones da cultivar CICA-8, desenvolvidos a partir de calos de panículas imaturas. Os somaclones, nas gerações avançadas de R5 a R7, foram avaliados sob condições naturais de infecção e em testes de inoculação artificial em casa de vegetação, utilizando cinco isolados, (mais) pertencentes a quatro patótipos (ID-14, II-1, IB-1 e IB-45) de Pyricularia grisea. No viveiro de brusone os somaclones apresentaram diferentes reações à doença. Nos testes de inoculação os somaclones mostraram interação diferencial com os isolados do patógeno. Dois isolados altamente virulentos a cinco somaclones foram selecionados para determinar a resistência parcial. Não houve interação significativa entre genótipos e isolados para o índice de resistência parcial determinado com base no número de lesões/cm² de folha. Quatro somaclones mostraram graus significativamente maiores de resistência parcial à brusone quando comparados à cultivar parental CICA-8. Resumo em inglês The development of rice blast resistance sources is a basic requirement for rice (Oryza sativa) breeding. The main objective of this investigation was to evaluate somaclones of rice cultivar CICA-8, developed from callus cultures of immature panicles for blast resistance. Rice blast in 39 somaclones was assessed in the advanced generations from R5 to R7, in the blast nursery under natural conditions of infection and in greenhouse inoculation tests, using five isolates per (mais) taining to four pathotypes (ID-14, II-1, IB-1 and IB-45) of Pyricularia grisea. In the rice blast nursery, somaclones exhibited differences in disease reactions. In inoculation tests, somaclones showed differential interaction between isolates of the pathogen and genotypes. Two isolates highly virulent to five somaclones including CICA-8 and CO 39 were selected to determine the partial resistance. There was no significant interaction between isolates and somaclones for partial resistance index, determined based on leaf lesion number per cm². Four somaclones showed significantly higher degree of partial resistance when compared with the parent cultivar CICA-8.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

38

Febre tifóide: recaída por resistência antimicrobiana. Relato de caso/ Typhoid fever: relapse due to antimicrobial resistance. Case report

Alecrim, Wilson Duarte; Loureiro, Adalgisa Câmara de Sá Peixoto; Moraes, Ricardo Silva; Monte, Rossicleia Lins; Lacerda, Marcus Vinícius Guimarães de
2002-12-01

Resumo em português Relatamos pela primeira vez na Amazônia Brasileira um paciente com febre tifóide, com resistência clínica e laboratorial ao cloranfenicol, droga de escolha para esta doença em nossa região. A recaída foi observada no 7° dia após o término do tratamento e a paciente foi tratada com ciprofloxacina. Resumo em inglês We report for the first time in the Brazilian Amazon a typhoid fever patient with clinical and laboratorial resistance to chloramphenicol, drug of election for this disease in our region. The relapse was observed at the 7th day after the end of treatment and the patient was treated with ciprofloxacin.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

39

Identificação de resistência genética do cacaueiro à podridão-parda/ Identification of cacao genetic resistance to black pod disease

Santos, Elisa Susilene Lisboa dos; Cerqueira-Silva, Carlos Bernard Moreno; Clement, Didier Pierre Louis; Luz, Edna Dora Martins Newman
2009-04-01

Resumo em português O objetivo deste trabalho foi comparar métodos de caracterização da resistência do cacaueiro (Theobroma cacao) à podridão-parda (Phytophthora palmivora). Foram estudados os métodos escala de notas, índice de intensidade de infecção e índice de doença. Discos foliares de 103 genótipos receberam 0,2 mL de uma suspensão com 3x10(5) zoósporos de P. palmivora por mililitro, e os sintomas foram avaliados pelos três métodos. Foram realizadas três avaliações ( (mais) repetições) por genótipo, cada uma composta por 20 discos. O método do índice de doença foi o mais eficiente em caracterizar a resistência de genótipos de cacaueiro a P. palmivora. Resumo em inglês The objective of this work was to compare methods for characterizing the resistance of cacao (Theobroma cacao) to black pod (Phytophthora palmivora). The methods of disease scores, intensity of infection index and disease index were evaluated. Leaf discs of 103 genotypes were infected with 0.2 mL of a suspension with 3x10(5) zoospores of P. palmivora per milliliter, and symptoms were evaluated by the three methods. Three evaluations (replicates) composed by 20 discs each (mais) were carried out for every genotype. The disease index method was the most efficient to characterize the cacao resistance to P. palmivora.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

40

Caracteres epidemiológicos e uso da análise de agrupamento para resistência parcial à ferrugem da soja/ Epidemiological characters and the use of cluster analysis for characterizing partial resistance to soybean rust

Santos, Juliana Araújo; Juliatti, Fernando Cézar; Santos, Verônica Araújo; Polizel, Analy Castilho; Juliatti, Fernanda Cristina; Hamawaki, Osvaldo Toshiuki
2007-03-01

Resumo em português O objetivo deste trabalho foi avaliar a resistência parcial de genótipos de soja ao fungo Phakopsora pachyrhizi. Calcularam-se o número médio de pústulas, a severidade e a área abaixo da curva de progresso da doença. Foram encontradas diferenças significativas entre os genótipos quanto ao número médio de pústulas e severidade, aos 12 dias após a inoculação. A análise de agrupamento permitiu a discriminação de genótipos parcialmente resistentes. Os genó (mais) tipos G4, G41 e G42, referentes aos parentais Cristalina e IAC 100, foram detectados como os de maior resistência parcial à ferrugem da soja. Resumo em inglês The objective of this work was to evaluate the partial resistance of soybean genotypes against Phakopsora pachyrhizi. Resistance characteristics were: average number of pustules, rust severity and the area under the disease progress curve. Significant differences were found among the genotypes for the average number of pustules and rust severity. Multivariate analysis allowed the discrimination of partially resistant genotypes. Three genotypes (G4, G41, and G42), referring to parents Cristalina and IAC 100, presented greater partial resistance to soybean rust.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

41

Controle genético da murcha do fusário (Fusarium oxysporum) em feijoeiro comum/ Genetic control of Fusarium wilt in common bean

Cândida, Daniella Vieira; Costa, Joaquim Geraldo Caprio; Rava, Carlos Agustin; Carneiro, Monalisa Sampaio
2009-12-01

Resumo em português O objetivo do trabalho foi determinar o controle genético da resistência do feijoeiro comum ao patótipo FOP 46 de Fusarium oxysporum f. sp. phaseoli e estimar parâmetros genéticos da resistência a doença. Em casa de vegetação, as avaliações da resistência foram conduzidas em famílias F2:3 dos cruzamentos Milionário 1732 x Macanudo e FT-Tarumã x Macanudo. Os sintomas da doença foram avaliadas nas plantas aos doze dias após a inoculação, atribuindo-se not (mais) as que variavam de 1 (plantas sem sintomas) a 9 (plantas totalmente murchas e ou mortas). A análise das freqüências observadas de plantas resistentes e suscetíveis na população F2:3 resultantes da autofecundação das plantas F2 dos cruzamentos Milionário 1732 x Macanudo e FT Tarumã x Macanudo, sugeriu um gene efeito maior com ação gênica de dominância incompleta. O aparecimento na família F2:3 de genótipos transgressivos sugere a natureza oligogênica da resistência da murcha do fusário. As estimativas de herdabilidade e predição de ganho por seleção foram elevadas em ambos os cruzamentos. Resumo em inglês The purpose of this study was to determine the genetic control of common bean resistance to pathotype FOP 46, Fusarium oxysporum f.sp. phaseoli and estimate the genetic parameters of disease resistance. In greenhouse, the resistance evaluations were conducted in F2:3 families from crosses Milionário 1732 x Macanudo and FT Tarumã x Macanudo. Disease severity was evaluated 12 days after inoculation using a scale ranging from 1(no symptoms of wilting) to 9 (plants totally (mais) wilted and/or dead). The observed frequency of susceptible and resistant F2:3 plants derived from selfing of F2 plants from the cross Milionario 1732 x Macanudo and FT Tarumã x Macanudo indicated one major gene effect with incomplete dominance. The appearance of transgressive genotypes in family F2:3 suggests the oligogenic nature of resistance to Fusarium wilt. High heritability and prediction of selection gain were estimated for both crosses.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

42

Resistência de genótipos de soja à Phakopsora pachyrhizi/ Resistance of soybean genotipes of the cerrado region to rust caused by Phakopsora pachyrhizi

Azevedo, Luís Antônio Siqueira de; Juliatti, Fernando Cezar; Barreto, Modesto
2007-09-01

Resumo em português O presente trabalho teve como objetivo, quantificar a resistência à Phakopsora pachyrhizi em 50 genótipos de soja na região do cerrado. Foi conduzido em Uberlândia, MG , um experimento em casa de vegetação, durante o período de janeiro a julho de 2004. Foram avaliados os seguintes parâmetros de resistência: período latente médio, número médio de pústulas por cm² e severidade da ferrugem. Com base nesses parâmetros, calculou-se a área abaixo da curva de p (mais) rogresso da doença. Após, análise de variância e teste de médias que foram comparadas pelo teste de Duncan ao nível de 5% de probabilidade, utilizando-se o software ESTAT. Foram encontradas diferenças significativas entre os genótipos de soja para os parâmetros estudados. As cultivares Emgopa 313 e Monsoy 8211 apresentaram menor período latente médio, menor número de pústulas, severidade e área abaixo da curva do progresso da doença, sendo classificadas como resistentes ao patógeno no experimento realizado. Resumo em inglês The aim of the present study, was to quantify the resistance in fifty soybean genotipes of the cerrado region to the rust caused by Phakopsora pachyrhizi .One experiment in greenhouse were conducted in Uberlândia , MG from January to July 2004. Average latent period, number of pustules per cm² and disease severity were evaluated. Based on these parameters, it was calculated the area under the disease progress curve. Significant differences were found among the soybean g (mais) enotipes to the three studied parameters. The cultivars Emgopa 313 and Monsoy 8211 were more resistant to Pkakopsora pachyrhizi in greenhouse experiment.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

43

Reação de genótipos de tomateiro às raças 2 e 3 de Fusarium oxysporum f. sp. lycopersici/ Reaction of tomato genotypes to races 2 and 3 of Fusarium oxysporum f. sp. lycopersici

Souza, Leonardo T; Michereff, Sami J; Laranjeira, Delson; Andrade, Domingos EGT; Ferraz, Edinardo; Lima, Gaus SA; Reis, Ailton
2010-03-01

Resumo em português A murcha-de-fusário, causada por Fusarium oxysporum f. sp. lycopersici, é uma importante doença do tomateiro (Solanum lycopersicon L.) no Nordeste brasileiro. Visando selecionar genótipos com potencial de utilização no manejo da doença, foram avaliadas 60 linhagens (geração F7) oriundas do cruzamento entre o acesso BHRS-2,3 e a cultivar Viradoro, em relação a isolados das raças fisiológicas 2 e 3 de F. oxysporum f. sp. lycopersici. Os isolados foram inoculado (mais) s em mudas com 21 dias de idade pelo método do corte de raízes e imersão na suspensão de conídios do patógeno. A avaliação foi realizada após 21 dias, com o auxílio de escala de notas de 1 a 5, para agrupamento dos genótipos em cinco classes de reação. A maioria dos genótipos (73,3%) se comportou como altamente resistente ao isolado da raça 2, enquanto 45,0% foram classificados como suscetíveis e 28,3% como altamente suscetíveis ao isolado da raça 3. Somente a linhagem L-1 apresentou reação de alta resistência aos dois isolados de ambas as raças. A estabilidade da resistência dessa linhagem foi avaliada em relação a cinco isolados de cada raça (2 e 3) do patógeno. A linhagem L-1 apresentou reação de alta resistência a todos os isolados da raça 2, evidenciado estabilidade da resistência. No entanto, em relação aos isolados da raça 3, essa linhagem apresentou três classes de reação distintas, variando de altamente resistente a suscetível, indicando instabilidade da resistência à essa raça. Resumo em inglês The Fusarium wilt caused by Fusarium oxysporum f. sp. lycopersici, is an important disease of tomato (Solanum lycopersicon L.) in Northeastern Brazil. In order to select genotypes with potential for use in the disease management, 60 strains were evaluated (F7 generation) from the crossing of access BHRS-2, 3 and Viradoro cultivar in relation to isolates from the physiologic races 2 and 3 of F. oxysporum f. sp. lycopersici. The isolates were inoculated on 21-day old seedli (mais) ng using the method of cutting the roots and soaking it in the suspension of the pathogen conidia. The evaluation was carried out after 21 days, with the scale of grades ranging from 1 to 5. The genotypes were grouped into five classes of reaction. Most genotypes (73.3%) behaved as highly resistant to the race 2 isolate, while 45.0% were classified as susceptible and 28.3% as highly susceptible to the race 3 isolate. Only the L-1 strain showed high resistance reaction to both isolates. The stability of this line of resistance was evaluated to five isolates of each race (2 and 3). The line L-1 showed high levels of resistance to all race 2 isolates, therefore indicating high stability of resistance. However, for race 3 isolates, this strain showed three distinct classes of reaction, ranging from highly resistant to susceptible, indicating instability of resistance to this race.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

44

Genética da resistência de cultivares de arroz à raça IA-1 de Pyricularia grisea/ Genetics of resistance in rice cultivar to race 1A of Pyricularia grisea

Nunes, Cley D.M.; Carvalho, Fernando I. F.; Pierobom, Carlos R.; Oliveira, Antônio C.
2007-02-01

Resumo em português A brusone é a principal doença da cultura do arroz irrigado e pode comprometer até 100% da produção de grãos de algumas lavouras isoladas nos casos de ataques epidêmicos. A melhor forma para o controle desta doença é o emprego da resistência genética, por ser mais econômica. O trabalho teve por objetivo avaliar a herdabilidade, número de genes e ação gênica na herança do caráter da resistência à raça IA-1abd de Pyricularia grisea de genótipos de arro (mais) z. A inoculação do fungo foi realizada sobre as populações fixas (P1, P2, e F1) e segregantes (F2, RC1F1 e RC2F1) obtidas entre as cultivares BRS Atalanta, Fanny (suscetíveis), BRS 7 "Taim" e BRS Firmeza (resistentes). Os resultados evidenciaram dominância da ação gênica com base nas seis gerações (P1, P2, F1, F2, RC1F1 e RC2F1), o que confirma a presença de um gene com dois alelos. Nos cruzamentos recíprocos entre os genótipos observou-se que não houve presença do efeito materno. No cruzamento entre parentais resistentes à brusone (BRS 7 "Taim" e BRS Firmeza) não houve segregação nas gerações F2 e retrocruzamentos, sugerindo que ambos os genitores tem a mesma constituição genética para reação de resistência à raça IA-1abd. As gerações segregantes (F2 e RC1F1) de todos os cruzamentos entre genótipos resistentes e suscetíveis apresentaram probabilidades significativas para freqüência esperada de 3:1 e 1:1, respectivamente, o que sugere que estas cultivares, "Taim" e BRS Firmeza, possuem um gene dominante responsável pela expressão do caracter da reação de resistência. Resumo em inglês Rice blast poses the greatest disease threat to irrigated rice, causing losses up to 100% in grain yield under epidemic attack. Genetic resistance is the most effective and environmentally sound way to control the disease. Thus, the objective of this work was to evaluate the number of genes and gene action involved in the inheritance of resistance to race IA-1abd of Pyricularia grisea in rice genotypes. The inoculation of the fungus was performed on fixed (P1, P2 and F1) (mais) and segregating (F2, RC1F1 and RC2F1) populations, composed of cultivars BRS 7 "Taim", BRS Firmeza, BRS Atalanta and Fanny. The results show that there is dominance for the gene action based on the six generations (P1, P2, F1, F2, RC1F1 and RC2F1), which confirms the presence of one gene with two alleles. In all reciprocal crosses no maternal effect was observed. In the cross between resistant parents (BRS 7 "Taim" and BRS Firmeza), there was no segregation in the generations F2 and backcrosses, suggesting that both parents have the same genetic constitution for the reaction of resistance to the IA-1abd race. The segregating generations (F2 and RC1F1) of all crosses between resistant and susceptible genotypes did not differ from the expected ratio of 3:1 and 1:1, respectively, suggesting that these cultivars, "Taim" and BRS Firmeza, have one dominant gene responsible for the expression of the character resistance reaction.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

45

Seleção de progênies de feijoeiro F4 resistentes ao Bean golden mosaic virus/ Selection of common bean F4 progenies for resistance to Bean golden mosaic virus resistance

Juliatti, Fernando C.; Moraes, Simone A.; Silva, Heyder D.; Borges, Márcio H. C.
2005-06-01

Resumo em português O objetivo deste trabalho foi identificar progênies de feijoeiro (Phaseolus vulgaris) na geração F4 provenientes do cruzamento entre cultivares resistentes ao Bean golden mosaic virus (BGMV). Os parentais foram as cultivares Carioca-MG (suscetível) e IAPAR-57, IAPAR-72 e IAPAR-65 (resistentes). A população de 480 progênies foi obtida pelo modelo dialélico completo. Estas foram semeadas em campo sob inoculação natural e estudada ao nível de plantas individuais p (mais) ara cálculo do índice de doença de BGMV (I.D.) Em relação ao I.D. médio, as progênies foram mais resistentes do que seus parentais (2,62 e 2,87), respectivamente. O processo de seleção foi realizado pelo I.D. (sigmag² = 0,2729 e h a² = 0,3953), onde foram obtidas famílias com grãos do tipo carioca e com I.D. inferior aos parentais resistentes. Segundo o GS% estimado, não serão necessárias muitas progênies ou famílias para se obter progresso com seleção para BGMV. O genótipo IAPAR-72 foi o parental superior na obtenção de progênies de maior resistência (menores I.D.). Possivelmente o mecanismo de resistência é do tipo resistência parcial. Resumo em inglês The objective of this investigation was to select Bean golden mosaic virus (BGMV) resistant 480 F4 progenies in full dialelle crosses under field conditions. The BGMV disease index calculation (ID) was obtained at the level of individual plants. The common bean (Phaseolus vulgaris) cultivar Carioca-MG was the susceptible parent, and IAPAR-57, IAPAR-72 and IAPAR-65 were the resistant parent cultivars. The F4 progenies presented a higher degree of resistance than parental g (mais) enotypes (2.62 vs. 2.87), and also greater variability. Genetic variance (0.2729) was significantly different from zero (P

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

46

Período latente e uso da análise de componentes principais para caracterizar a resistência parcial à ferrugem da soja/ Latent period and the use of principal components analysis for partial resistance to soybean rust

Martins, Juliana Araújo Santos; Juliatti, Fernando César; Santos, Verônica Araújo; Polizel, Analy Castilho; Juliatti, Fernanda Cristina
2007-12-01

Resumo em português O presente trabalho teve como objetivo avaliar a reação quanto à resistência parcial causada pelo fungo Phakopsora pachyrhizi Sydow., em 68 genótipos de soja (Glycine max L. Merril). O experimento foi realizado em Uberlândia-MG, em casa de vegetação, durante o período de dezembro de 2004 a fevereiro de 2005 e constou de três épocas de avaliação. Foram avaliadas as seguintes características de resistência: Período Latente Médio (PLM), número médio de pú (mais) stulas por folíolo e severidade da ferrugem. Com base nas variáveis, número médio de pústulas por folíolo e severidade da ferrugem calculou-se a área abaixo da curva de progresso da doença. Após, realizou-se a análise de variância, e as médias foram comparadas pelo teste de Scott Knott, ao nível de 5% de probabilidade. Foram encontradas diferenças significativas entre os genótipos para número médio de pústulas por folíolo e severidade da ferrugem, aos doze dias após a inoculação. O mesmo foi encontrado para área abaixo da curva de progresso da doença (AACPD) para severidade. Com base no período latente médio discriminaram-se dois grupos de genótipos: parcialmente resistentes e suscetíveis. Presume-se que a Resistência Parcial (RP) à ferrugem asiática da soja deve ser avaliada em condições de média epidemia, que aconteceu na segunda época de avaliação para todos os caracteres avaliados. O agrupamento de genótipos, pela análise multivariada de componentes principais, permitiu a discriminação de genótipos parcialmente resistentes. Três genótipos (números 4, 41, e 42), referentes aos parentais Cristalina e IAC 100, apresentaram maior resistência parcial á ferrugem da soja. Resumo em inglês This study evaluated the reaction of 68 soybean genotypes for partial resistance to soybean rust caused by Phakopsora pachyrhizi. The experiment was done in Uberlândia, MG, under greenhouse conditions from December 2004 to February 2005, consisting of three evaluation times. The following resistance characteristics were evaluated: average latent period (PLM), average number of pustules per leaflet and rust severity. The area under the disease progress curve (AACPD) was c (mais) alculated based on the variables average number of leaflet pustules and severity. Analysis of variance and comparison of the averages by the Scott Knott test were done at 5% probability. Significant differences were found among the genotypes for the average number of leaflet pustules and rust severity twelve days after inoculation. Differences were also found for area under the disease progress curve. It is assumed that partial resistance (RP) to soybean Asian rust should be evaluated under average epidemics conditions. This evaluation was done on the second time with all characters evaluated. Genotype grouping by principal components analysis allowed the discrimination of genotypes with partial resistance to the disease. Three genotypes (number 4, 41, and 42), referring to parents 'Cristalina' and 'IAC 100' showed high levels of partial resistance to soybean rust.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

47

Importância da resitência insulínica na hepatite C crônica/ Insulin resistance in chronic hepatitits C

Parise, Edison Roberto; Oliveira, Ana Cláudia de
2007-06-01

Resumo em português OBJETIVO: Revisar a importância da resistência insulínica no desenvolvimento da hepatite C crônica e sua interferência na resposta ao tratamento antiviral de pacientes infectados pelo vírus da hepatite C. FONTE DE DADOS: Revisão bibliográfica de trabalhos publicados pelo MEDLINE e dados dos próprios autores. SÍNTESE DE DADOS: Nos últimos anos, grande número de publicações tem demonstrado importante associação entre resistência insulínica e hepatite C cr� (mais) �nica. Aumento na prevalência de diabetes mellitus tipo 2, desenvolvimento de esteatose hepática (principalmente nos pacientes com infecção pelo genótipo não-3), progressão mais rápida da doença e redução na taxa de resposta virológica sustentada ao tratamento com interferon peguilado e ribavirina, têm sido todos associados à presença de resistência insulínica nos pacientes infectados pelo vírus da hepatite C. A produção aumentada de fator de necrose tumoral pelo core do vírus da hepatite C é o principal mecanismo responsável pelo aparecimento da resistência insulínica. O fator de necrose tumoral afetaria a fosforilação do substrato do receptor de insulina diminuindo a captação de glicose e acarretando hiperinsulinemia compensatória. Aumento da siderose hepática e alterações dos níveis circulantes das adipocitocinas podem ter efeito adicional sobre a sensibilidade à insulina na hepatite C crônica. CONCLUSÕES: O diagnóstico e o tratamento da resistência insulínica nesses pacientes podem não só evitar o aparecimento das complicações, mas também prevenir a progressão da doença e, possivelmente, aumentar a taxa de resposta virológica sustentada ao tratamento com interferon peguilado e ribavirina. Resumo em inglês OBJECTIVE: To revise the importance of insulin resistance in the development of chronic hepatitis C and its interference in the response to the antiviral treatment of these patients. DATA SOURCE: Bibliographic revision of published papers in the MEDLINE and the authors’ data. DATA SYNTHESIS: In the last years several published papers have demonstrated an important relationship between insulin resistance and chronic hepatitis C. Increased prevalence of type 2 diabetes mel (mais) litus, the development of hepatic steatosis (specially in non-3 genotype), a more rapid progression of hepatic disease and reduction in the sustained virological response to treatment with pegylated interferon plus ribavirin have been associated with insulin resistance in patients infected with HCV. The mechanism implied in the insulin resistance is the enhanced production of tumor necrosis factor by the HCV core. Tumor necrosis factor affects insulin receptor substrate phosphorylation, resulting in decreased glucose uptake and compensatory hyperinsulinemia. Increased liver iron accumulation and modification in the levels of adipocytokinemia can have an additional effect on insulin sensitivity in chronic C hepatitis. CONCLUSIONS: Diagnosing and treating insulin resistance in patients with chronic hepatitis C could not only avoid complications but also prevent disease progression and increased the sustained virological rate to treatment with pegylated interferon plus ribavarin.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

48

Identificação de genótipos do gênero Solanum (secção Lycopersicon) com resistência a Stemphylium solani e S. lycopersici/ Identification of Solanum (section Lycopersicon) accessions with resistance to Stemphylium solani and S. lycopersici

Miranda, Bruno Eduardo C de; Boiteux, Leonardo S; Reis, Ailton
2010-06-01

Resumo em português A mancha-de-estenfílio do tomateiro, causada pelos fungos Stemphylium solani e S. lycopersici, foi considerada, por muito tempo, como uma doença secundária devido à utilização combinada de fungicidas e variedades resistentes. Recentemente, severas epidemias da mancha-de-estenfilio têm sido relatadas nas várias regiões produtoras sugerindo a necessidade de retomar o emprego de cultivares com resistência a esta enfermidade. O objetivo do presente trabalho foi aval (mais) iar a reação de genótipos cultivados e silvestres de tomateiro [Solanum (secção Lycopersicon)] frente a isolados destas duas espécies de Stemphylium. Na primeira etapa do trabalho, 109 genótipos de Solanum (secção Lycopersicon) foram avaliados via inoculação com uma suspensão de 10(4) conídios/mL dos isolados 'EH-1740' (S. solani) e 'EH-1749' (S. lycopersici). As plantas foram transplantadas aos 18 dias da semeadura e inoculadas sete dias depois. A avaliação da resposta dos genótipos foi feita 15 dias após a inoculação. Cinqüenta e oito genótipos considerados promissores foram novamente avaliados (com os mesmos isolados) em um segundo experimento. Neste experimento a reação dos genótipos foi avaliada cada dois dias utilizando como critérios o período de incubação e a severidade da doença através de uma escala de notas de 0 a 5. Com os valores de severidade, nas diferentes leituras, foi calculada a área abaixo da curva de progresso da doença e o índice de doença. Foram identificadas 35 fontes de resistência às duas espécies de Stemphylium em genótipos das espécies S. lycopersicum, S. habrochaites, S. peruvianum e S. pimpinellifolium. Os genótipos de S. lycopersicum e S. pimpinellifolium resistentes possuem, provavelmente, o gene de resistência Sm. No entanto, os genótipos de S. peruvianum e S. habrochaites podem representar fontes de novos genes/alelos que conferem resistência às duas espécies fúngicas. Esta potencial diversidade de fatores de resistência para Stemphylium pode ser útil em futuras ações de pesquisa dentro de programas de melhoramento genético do tomateiro bem como para o manejo integrado da doença. Resumo em inglês The gray leaf spot disease, caused by the fungi Stemphylium solani and S. lycopersici, has been considered as a minor tomato disease in Brazil due to the use of varieties with genetic resistance in combination with fungicide sprays. However, recent reports of severe epidemics of the gray leaf spot in the various tomato-producing areas of the country suggest that the employment of resistant cultivars should be re-implemented as a control strategy. In the present study, 109 (mais) cultivated and wild Solanum (section Lycopersicon) accessions were evaluated to isolates of both S. solani and S. lycopersici. In the first assay, spore suspension (adjusted to 10(4) conidia/mL) of the isolates 'EH-1740' (S. solani) and 'EH-1749' (S. lycopersici) were employed to inoculate seedlings transplanted 15 days after sowing and kept in a greenhouse. Plants were inoculated 18 days after transplanting and evaluated 15 days after inoculation. Fifty-eight promising accessions identified in the first assay were evaluated again with the same isolates in a second experiment. The reaction of the accessions to the pathogens was evaluated every two days using as assessment criteria the incubation period, the severity of gray leaf spot, and the disease index. Disease severity values over time were used to calculate the area under the disease progress curve. Promising sources of resistance to both pathogens were identified in accessions of S. lycopersicum, S. habrochaites, S. peruvianum and S. pimpinellifolium. The resistant sources identified in S. pimpinellifolium and S. lycopersicum accessions probably have the gene Sm. However, S. habrochaites and S. peruvianum might be potential new sources of gene/alleles that confer resistance to both fungi. This diversity of Stemphylium resistance genes might be useful for tomato breeding programs in the future as well as in integrated management systems of the disease.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

49

Resistência genética em genótipos de feijoeiro a Curtobacterium flaccumfaciens pv. flaccumfaciens/ Genetic resistance to Curtobacterium flaccumfaciens pv. flaccumfaciens in bean genotypes

Souza, Valmir Luiz de; Maringoni, Antonio Carlos; Carbonell, Sérgio Augusto Morais; Ito, Margarida Fumiko
2006-09-01

Resumo em português Curtobacterium flaccumfaciens pv. flaccumfaciens (Cff) agente causal da murcha-de-curtobacterium em feijoeiro (Phaseolus vulgaris), é um patógeno vascular de difícil controle. A doença foi detectada pela primeira vez no Brasil na safra das águas de 1995, no Estado de São Paulo. Por se tratar de uma doença de difícil controle, a resistência genética tem sido a melhor opção. O objetivo deste trabalho foi avaliar a reação de genótipos de feijoeiro à murcha-de (mais) -curtobacterium, frente a 333 acessos pertencentes ao banco de germoplasma de feijoeiro do Instituto Agronômico de Campinas (IAC). Oportunamente, foram selecionados genótipos de feijoeiro altamente resistentes e suscetíveis, com a finalidade de comparar a colonização de Cff no vaso do xilema a partir da visualização sob microscopia eletrônica de varredura. Os resultados da triagem da resistência genética em genótipos de feijoeiro indicaram a existência de variabilidade genética nas amostras dos 333 genótipos avaliados, ao isolado de Cff Feij 2634. Os materiais foram classificados em 4 grupos de resistência: 29 genótipos (8,7%) comportaram-se como altamente resistentes, 13 genótipos (3,9%) como resistentes, 18 genótipos (5%) como moderadamente resistentes e 273 genótipos (81%) suscetíveis. A partir dos resultados obtidos, cerca de 18% dos genótipos de feijoeiros, desde altamente resistentes à moderadamente resistentes, poderão ser úteis para o programa de melhoramento genético como fonte de genes para resistência a Cff. Através da microscopia eletrônica de varredura, foram observadas em genótipos altamente resistentes, várias aglutinações da bactéria envolvidas por filamentos e estruturas rendilhadas sob pontuações da parede do vaso do xilema, não verificados em genótipos suscetíveis, o que sugere a ativação de mecanismos de defesa estruturais e bioquímicos nas plantas resistentes. Resumo em inglês Curtobacterium flaccumfaciens pv. flaccumfaciens (Cff), the causal agent of the bacterial wilt of common bean (Phaseolus vulgaris), is a vascular pathogen of difficult control. The disease was first detected in Brazil 1995, in São Paulo State. Due to the difficulty in controlling this disease, genetic resistance has been the better option. The aim of this study was to evaluate the reaction of common bean genotypes to the bacterial wilt, in 333 accesses of the bean plant (mais) germplasm database of the Instituto Agronômico de Campinas (IAC). Highly resistant and susceptible bean genotypes were selected for the observation of Cff colonization in the xylem vessel by scanning electron microscopy. The results of the screening for genetic resistance in 333 genotypes indicated variability in relation to a Cff Feij 2634 isolate. The materials were classified into 4 resistance level groups: 29 highly resistant genotypes (8.7%), 13 resistant genotypes (3.9%), 18 moderately resistant genotypes (5%) and 273 susceptible genotypes (81%). From these results, about 18% of the - genotypes ranging from highly to moderately resistant - may be useful for the genetic breeding program as a source of resistance genes for Cff. Using scanning electron microscopy, xylem vessels of highly resistant genotypes presented a number of bacterial agglutinations involved by filaments and tangled structures under punctuations of the xylem vessel wall not observed in susceptible genotypes, suggests the activation of structural and biochemical defense mechanisms in resistant plants.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

50

Controle genético da resistência à mancha-de-Phaeosphaeria em milho/ Genetic control of resistance to Phaeosphaeria leaf spot in maize

Lopes, Maria Teresa Gomes; Lopes, Ricardo; Brunelli, Kátia Regiane; Silva, Herberte Pereira da; Matiello, Rodrigo Rodrigues; Camargo, Luis Eduardo Aranha
2007-06-01

Resumo em português A mancha-de-Phaeosphaeria, de ampla ocorrência no Brasil, tem causado expressiva redução na produtividade da cultura do milho no país. Por isso, o desenvolvimento de híbridos resistentes à doença é um dos principais objetivos dos programas de melhoramento genético da cultura. Informações sobre o controle genético da resistência à doença são necessárias para que os programas de melhoramento sejam eficientes. O objetivo deste estudo foi determinar o control (mais) e genético da resistência à mancha-de-Phaeosphaeria em milho a partir da avaliação das médias de gerações oriundas de dois cruzamentos entre linhagens resistentes (DAS95 ou DAS72) com uma suscetível (DAS21), sob condições de infecção natural da doença. Os ensaios foram conduzidos em Indianópolis (MG), em duas épocas de semeadura, outubro e novembro de 2000. Foi utilizado o delineamento experimental blocos ao acaso com três repetições. A avaliação para resistência foi realizada 30 dias após o florescimento com auxílio de uma escala diagramática de porcentagem de tecido foliar total da planta afetado pela doença. As médias da severidade da doença dos genitores e das gerações F1, F2, RCP1 e RCP2 foram analisadas segundo o modelo de MATHER & JINKS (1971). A variação genética devida a efeitos aditivos foi de 73 a 84%, enquanto, devido aos efeitos dominantes, foi de 13 a 23%. Foi evidenciada a predominância dos efeitos gênicos aditivos sobre dominantes em ambas as populações estudadas. Os valores da herdabilidade foram altos, variando de 61 a 88%. Os resultados indicaram condições favoráveis ao melhoramento genético visando àresistência à mancha-de-Phaeospheria nas populações estudadas. Resumo em inglês The Phaeosphaeria leaf spot, of ample occurrence in Brazil, has been causing an expressive reduction in the corn yield in the country. Thus, the development of resistant hybrids to this disease is one of the main objectives of corn breeding programs. Information about the genetic control of resistance to the disease is necessary so that the programs can be efficient. The main goal of this study was to determine the genetic control of resistance to the Phaeosphaeria leaf s (mais) pot in maize through the assessment of the generation means from two crossing between a resistant inbred line (DAS95 or DAS72) with a susceptible line (DAS21) under natural infection conditions of the disease. The experiment was carried out in Indianópolis (MG) in two sowen dates, October and November, 2000. The randomized blocks design with three repetitions was utilized. The evaluation to resistance was performed thirty days after the flowering using a diagrammatic scale of percentage of the total foliar tissue of the plant affected by the disease. Disease severity means of parental lines and generations F1, F2, RCP1 and RCP2 were analysed according to the model by MATHER & JINKS (1971). Genetic variation due to additive effects varied from 73% to 84% whilst dominant effects ranged from 13% to 23%. In both studied population, the predominance of gene additive over dominant effects was evidented. The inheritance values were high, varying from 61% to 88%. These results indicate favourable conditions to develop new resistance lines to Phaeosphaeria leaf spot with the studied populations.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

51

Reação em campo à murcha bacteriana de cultivares de tomate em Roraima/ Bacterial wilt resistance in tomato cultivars in Roraima, Brazil

Lima, Hyanameyka E de; Rêgo, Elizanilda R do; Cavalcante, Gilcianny P; Rêgo, Mailson M do; Cota, Luciano V
2010-06-01

Resumo em português A murcha bacteriana causada por Ralstonia solanacearum (Smith) é a doença bacteriana mais importante do tomateiro na Região Norte do Brasil. Os objetivos deste trabalho foram avaliar o nível de resistência de cultivares de tomate, avaliar o progresso da murcha bacteriana nesses genótipos a fim de conhecer o comportamento da doença nos diferentes estádios de desenvolvimento da cultura, para auxiliar no manejo da epidemia, e determinar a época crítica para o desen (mais) volvimento da doença nessas cultivares nas condições de Roraima. Os experimentos foram conduzidos em um campo naturalmente infestado com a biovar 1 de Rasltonia solanacearum, por dois anos. A área tinha um histórico de quatro anos de plantios sucessivos com plantas de tomate suscetíveis à murcha bacteriana, e as perdas alcançando até 100%. Para condução do experimento foram utilizadas mudas das cultivares Majestade, Nemonetta, Carmen, Liliane, Santa Clara, Sensação, San Vito, Gaúcho Melhorado, Hector e Laura. Foram feitas seis avaliações do número de tomateiros que apresentavam murcha irreversível e/ou morte durante o ciclo da cultura. Foram determinadas as variáveis área abaixo da curva de progresso da doença (AACPD) e a taxa de progresso da doença (r), incidência média (Y50), incidência máxima (Ymáx) e a incidência final da doença. Os valores de AACPD e da variável r para a cultivar Majestade foram menores que para as demais, demonstrando que houve menor incidência de plantas doentes nesta cultivar, indicando resistência. Embora o nível de resistência apresentado por esta cultivar não seja muito elevado, o cultivo da mesma é recomendável e viável para o plantio no Estado de Roraima, especialmente considerando-se os altos preços do tomate, que são adquiridos de outras regiões produtoras no país, embora somente esta resistência não garanta, sozinha, o controle adequado da doença, sendo necessárias outras medidas de controle associadas. Resumo em inglês The bacterial wilt caused by Ralstonia solanacearum is the most important bacterial disease of tomato in the Brazilian North Region. The objectives of this study were to evaluate (1) the resistance level of ten tomato cultivars; (2) the progress of bacterial wilt in these genotypes in order to know the disease behavior in different stages of development of the crop, and (3) determine the critical time to disease development in these cultivars, in Roraima. The experiment w (mais) as carried out in a field naturally infested with biovar 1 of R. solanacearum, during two years. The area was infested by cultivating susceptible tomato plants to bacterial wilt. The cvs. Majestade, Nemonetta, Carmen, Liliane, Santa Clara, Sensação, San Vito, Gaúcho Melhorado, Hector and Laura were cultivated in the infested field. Six disease incidence evaluations were done in seven plants with irreversible wilt and/or death during the crop cycle. The following variables were determined: area under the disease progress curve (AUPDC) and the progress rate (r), mean incidence (Y50), maximum incidence (Ymax) and the final incidence of the disease. The values of AUDPC and the variable r to 'Majestade' were the lowest, although the level of resistance shown by this cultivar was not very high. Therefore, 'Majestade' is recommended for planting in the State of Roraima, especially considering the high prices of tomatoes, which are purchased from other regions in the country. However, only the level of resistance of 'Majestade' is not sufficient for disease control, being necessary other control measures.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

52

Estabilidade da resistência de Capsicum spp. ao oídio em telado e casa de vegetação/ Stability of resistance of Capsicum spp. genotypes to powdery mildew in protected cropping

Paz Lima, Milton L.; Lopes, Carlos A.; Café Filho, Adalberto C.
2004-10-01

Resumo em português Oídio (Oidiopsis taurica) é uma importante doença do pimentão (Capsicum annuum) e outras espécies de Capsicum. O objetivo deste trabalho foi identificar fontes de resistência no germoplasma de Capsicum spp. e relatar suas reações ao oídio em ambientes de telado e de casa de vegetação. Em telado, com inoculação artificial, testaram-se 104 genótipos de C. annuum, C. chinense, C. baccatum e C. frutescens. A avaliação foi repetida em canteiros de casa de veget (mais) ação com inoculação natural. Em telado, inoculou-se via atomização de 10(4) conídios/ml e em casa de vegetação manteve-se como fonte de inóculo plantas de pimentão previamente infetadas. Os genótipos foram agrupados em cinco níveis de resistência, a partir de leituras periódicas de incidência, esporulação, severidade e intensidade total da doença, e da determinação das respectivas áreas abaixo das curvas de progresso da doença. Cerca de 77% dos genótipos avaliados em telado foram altamente (AS) ou moderadamente suscetíveis (MS); 8% moderadamente resistentes (MR); 11% resistentes (R); e 4% foram altamente resistentes (AR). Cerca de 72% dos genótipos avaliados em casa de vegetação foram AS ou MS; 11% MR; 9% R; e 8% foram AR. Todos os genótipos classificados como AS tanto em telado quanto em casa de vegetação pertencem à espécie C. annuum. De modo geral, o ranking de resistência ao oídio permaneceu constante nos dois ambientes. Capsicum baccatum, C. frutescens e C. chinense apresentaram maior número de genótipos resistentes. Os principais genótipos AR foram CNPH 39, 161, 363 e 601 (C. baccatum); CNPH 579, 596 e 597 (C. frutescens); CNPH 55 (C. chinense); CNPH 280, 289, 434, 570 e 600 (C. chinense) e CNPH 1424 (C. annuum). Resumo em inglês This work reports the resistance of Capsicum spp. genotypes to Oidiopsis taurica. Experiments were first conducted with artificial inoculation in pots in a screenhouse, with a set of 104 genotypes. A similar test was carried out with transplants in soil beds in a greenhouse, with 93 genotypes, selected from those previously tested in the screenhouse. In the screenhouse, plants were spray-inoculated with a conidial suspension of 10(4) conidia/ml. The source of inoculum in (mais) the greenhouse consisted of previously-infected sweet-pepper (Capsicum annuum) plants. Genotypes were separated into five resistance groups, following measurements of four disease variables: disease incidence, sporulation index, leaf severity index, and total disease intensity. In addition, the areas under disease progress curves were determined for each variable. About 77% of the genotypes tested in the screenhouse were highly (HS) or moderately susceptible (MS); 8% moderately resistant (MR); 11% resistant (R); and 4% were highly resistant (HR). About 72% of the genotypes tested in the greenhouse were HS or MS; 11% MR; 9% R and 8% HR. Capsicum annuum was the most susceptible species to O. taurica. Classification of most genotypes according to their resistance remained the same in the two experiments. Capsicum baccatum, C. frutescens and C. chinense had higher frequencies of resistant genotypes, and therefore, are considered to be good sources of resistance to the disease. The best sources of resistance (HR genotypes) were CNPH 39, 161, 363 and 601 (C. baccatum); CNPH 579, 596 and 597 (C. frutescens); CNPH 55 (C. annuum); CNPH 280, 289, 434, 570 and 600 (C. chinense) and CNPH 1424 (C. annuum).

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

53

Colonização nasofaríngea pelo Streptococcus pneumoniae em crianças com doença falciforme usando penicilina profilática/ Nasopharyngeal colonization by Streptococcus pneumoniae in children with sickle cell disease receiving prophylactic penicillin

Fonseca, Patricia B. Blum; Braga, Josefina Aparecida P.; Machado, Antônia Maria de O.; Brandileone, Maria Cristina de C.; Farhat, Calil Kairalla
2005-04-01

Resumo em português OBJETIVOS: Determinar a prevalência de colonização nasofaríngea pelo pneumococo em crianças com doença falciforme, em uso de profilaxia com penicilina; identificar fatores de risco para colonização; sorotipar as cepas isoladas e avaliar a resistência antimicrobiana. METODOLOGIA: Foram colhidos 188 suabes de nasofaringe de 98 crianças com doença falciforme em acompanhamento no Hospital São Paulo, da Universidade Federal de São Paulo, no período de 09 de abril (mais) de 2002 a 28 de fevereiro de 2003. O isolamento e a identificação dos pneumococos seguiram procedimentos padronizados. A concentração inibitória mínima para penicilina foi determinada pelo método do E-test. A sorotipagem foi realizada pela reação de Neufeld-Quellung com anti-soros para 46 sorotipos. RESULTADOS: A idade variou de 4 meses a 17 anos (média e desvio padrão de 6,8±4,7 anos). Das 98 crianças do estudo, 13 apresentaram colonização pelo pneumococo (prevalência de 13,3%). O maior risco de colonização ocorreu em menores de 2 anos de idade (p = 0,02). A prevalência de cepas com resistência intermediária à penicilina foi de 21,4%, não sendo evidenciada resistência plena. Também não houve cepas resistentes à eritromicina, ceftriaxona e vancomicina. Os sorotipos isolados mais freqüentes foram o 18C e o 23F. CONCLUSÕES: O uso profilático de penicilina diminuiu a colonização nasofaríngea pelo pneumococo e não determinou aumento da resistência a esse antimicrobiano nas crianças com doença falciforme. A penicilina ainda pode ser usada na profilaxia e no tratamento dos episódios febris dessas crianças. Resumo em inglês OBJECTIVES: To determine the prevalence of nasopharyngeal pneumococcus colonization in children with sickle cell disease undergoing penicillin prophylaxis, to identify risk factors for colonization and to serotype and determine antibiotic resistance in pneumococci obtained from those children. METHODS: Between April 9, 2002 and February 28, 2003, 188 nasopharyngeal swabs were obtained from 98 children with sickle cell disease in follow-up at the Hospital São Paulo - Univ (mais) ersidade Federal de São Paulo. Pneumococci were isolated and identified by standard methods. The minimal inhibitory concentration for penicillin was determined by the E-test method. Isolates were serotyped with the use of type-specific antisera for 46 different serotypes (Neufeld-Quellung reaction). RESULTS: The age of children ranged from 4 months to 17 years (median and standard deviation 6.8±4.7 years). Thirteen of the 98 children had nasopharyngeal pneumococcus colonization (13.3% prevalence). There was a significantly greater risk of colonization among children less than 2 years old (p = 0.02). Twenty-one percent of isolates had intermediate penicillin resistance. There were no isolates highly resistant to penicillin. All isolates were susceptible to erythromycin, ceftriaxone, or vancomycin. The most frequently identified serotypes were 18C and 23F. CONCLUSIONS: Penicillin prophylaxis reduced pneumococcal nasopharyngeal colonization and did not increase the prevalence of penicillin-resistant pneumococci in children with sickle cell disease. Penicillin can be used not only for prophylaxis, but also in the acute management of febrile states with these children.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

54

Um método simples e rápido de seleção para resistência à murcha-de-fusário em genótipos de algodoeiro/ A simple and fast method to screen cotton genotypes for fusarium wilt resistance

Machado, Litervaldo P.; Michereff, Sami J.; Falleiro, Beatriz A.S.; Oliveira, Marcelo G.; Coutinho, Wirton M.; Morello, Camilo L.; Suassuna, Nelson D.
2009-02-01

Resumo em português Neste trabalho, descreve-se um método para seleção de genótipos de algodoeiro resistentes à murcha-de-fusário, causada por Fusarium oxysporum f. sp. vasinfectum. Sementes de diferentes genótipos de algodoeiro foram plantadas em bandejas com células (volume de 25 mL), contendo vermiculita esterilizada. Aos 5 e 7 dias após o plantio, depositaram-se, em cada célula, 2 mL de uma suspensão de 5 x 105 esporos/mL do patógeno. Avaliou-se diariamente, por 15 dias conse (mais) cutivos a partir do décimo dia após a inoculação (DAI), a severidade da doença em cada plântula. A resistência dos genótipos foi estimada por meio da área abaixo da curva de progresso da doença (AACPD), além das variáveis calculadas aos 25 DAI: severidade da doença, porcentagem de plântulas com escurecimento do sistema vascular e porcentagem de plântulas com o patógeno interno aos vasos (re-isolamento). Considerando a AACPD, os genótipos Bayou SM-1 e Coker 312 foram mais resistentes que Deltapine 45A. Para a variável severidade aos 25 DAI, além de Bayou SM-1 e Coker 312, o genótipo Auburn 56-24 também foi mais resistente que Deltapine 45A. O genótipo Coker 312 foi mais resistente do que Acala 44 apenas para esta variável. Houve correlação significativa entre AACPD e severidade aos 25 DAI, sendo esta última mais adequada na seleção para resistência, devido à sua praticidade. Resumo em inglês This study describes a new method to screen cotton genotypes for wilt resistance caused by Fusarium oxysporum f. sp. vasinfectum. Cotton genotypes were sown in germination trays (25 mL each cell) with sterilized vermiculite. On the fifth and the seventh days after germination, each seedling was inoculated with a suspension adjusted to 5 x 105 spores/mL. Resistance was evaluated using 1) the area under disease progress curve (AUDPC), for 15 days starting on the tenth day a (mais) fter the first inoculation (DAI); 2) disease severity on the 25th DAI; 3) percent of seedlings showing vascular system browning and 4) percent of seedlings with pathogen in the vascular system on the 25th DAI. No significant differences were found among genotypes Clevewilt 6, Auburn 56-24, Bayou SM-1, Coker 312, Stoneville 132, IAC RM2 and BJ 1302 for AUDPC and disease severity. When considering disease severity, genotypes Auburn 56-24, coker 312 and Bayou SM-1 were more resistant than Deltapine 45A, whereas for AUDPC only Coker 312 and Bayou SM-1 were more resistant than Deltapine 45A. Coker 312 was more resistant than Acala 44 only for disease severity. There was a significant correlation between AUDPC and disease severity, however, due to its ease, the latter index was found to be the best to screen cotton genotypes for fusarium wilt resistance.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

55

Resistência parcial à brusone de genótipos de trigo comum e sintético nos estádios de planta jovem e de planta adulta/ Partial resistance to blast on common and synthetic wheat genotypes in seedling and in adult plant growth stages

Cruz, Maria Fernanda A.; Prestes, Ariano M.; Maciel, João L. N.; Scheeren, Pedro L.
2010-02-01

Resumo em português A brusone do trigo, causada pelo fungo Pyricularia grisea foi relatada pela primeira vez no Brasil, no estado do Paraná, em 1985. Desde então, busca-se, dentre o germoplasma disponível no País, cultivares resistentes à doença. O objetivo deste trabalho foi determinar o grau de resistência parcial de genótipos de trigo comum e de trigo sintético nos estádios de planta jovem e de planta adulta. Para a avaliação na fase de planta jovem foram escolhidos 70 genóti (mais) pos de trigo, os quais foram submetidos à inoculação com 18 isolados de P. grisea. Dos 70 genótipos, 12 foram selecionados para a avaliação em planta adulta. Entre os genótipos resistentes em planta jovem destacaram-se BRS 229, BRS 179, CNT 8, BRS 120 e BRS Buriti. No estádio de planta adulta, os genótipos CNT 8, NE 20156-B, PF 844001, PF 964009 e PF 804002 foram aqueles que apresentaram menor severidade da doença. Resumo em inglês Wheat blast caused by Pyricularia grisea was first reported in Brazil in 1985 in the state of Paraná. From then on, researchers have been looking for resistant genotypes to blast disease among Brazilian wheat germplasm. The objective of this work was to determine the level of partial resistance of synthetic and common wheat genotypes in young and adult plant growth stages. In young plant tests 70 wheat genotypes were challenged by 18 isolates of P. grisea. Twelve of the (mais) 70 genotypes were selected for adult plant tests. Among all genotypes evaluated BRS 229, BRS 179, CNT 8, BRS 120, and BRS Buriti showed better resistance level when tested at young plant growths stages. However, CNT 8, NE 20156-B, PF 844001, PF 964009 and PF 804002 showed less leaf and head area affected by blast in adult plant.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

56

Tratamento da Leishmaniose Tegumentar Americana/ Treatment of american cutaneous leishmaniasis

Lima, Edson Borges de; Porto, Claúdia; Motta, Jorgeth Oliveira Carneiro da; Sampaio, Raimunda Nonata Ribeiro
2007-04-01

Resumo em português A leishmaniose tegumentar americana é doença infecciosa da pele e mucosa, cujo agente etiológico é um protozoário do gênero Leishmania. Seu tratamento é desafio porque as drogas disponíveis apresentam elevada toxicidade, e nenhuma delas é bastante eficaz. A recidiva, a falha terapêutica em pacientes imunodeprimidos e a resistência ao tratamento são fatores que motivam a busca de uma droga ideal. Resumo em inglês American cutaneous leishmaniasis is an infectious disease of the skin and mucosa caused by a protozoon of the genus Leishmania. Its treatment is a challenge since the drugs available are highly toxic and none is completely effective. Recurrence, therapeutic failure in immunosuppressed patients and treatment resistance are some factors that encourage searching an ideal drug.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

57

Resistência aos mineralocorticóides: pseudo-hipoaldosteronismo tipo 1/ Mineralocorticoid resistance: pseudohypoaldosteronism type 1

Fernandes-Rosa, Fábio L.; Antonini, Sonir R.R.
2007-04-01

Resumo em português Pseudo-hipoaldosteronismo tipo 1 (PHA1) é uma doença genética rara, caracterizada por vômitos, desidratação, baixo ganho pôndero-estatural e perda urinária de sal no período neonatal. Indivíduos afetados apresentam hiponatremia, hipercalemia, aumento da atividade de renina plasmática e concentrações muito elevadas de aldosterona plasmática, secundárias a uma resistência renal ou sistêmica à aldosterona. A forma sistêmica do PHA1 é a mais grave, havendo (mais) necessidade de reposição de doses altas de NaCl. Os sintomas persistem por toda a vida. Mutações inativadoras nos genes codificadores das sub-unidades do canal de sódio sensível à amilorida (ENaC) em homozigose ou heterozigose composta são responsáveis pelo quadro clínico de PHA1 sistêmico. A forma renal do PHA1 tem apresentação clínica mais leve, com necessidade de suplementação de doses baixas de NaCl. Os sintomas regridem no final do primeiro ano de vida. Mutações inativadoras do gene do receptor do mineralocorticóide (MR) estão associadas à forma renal do PHA1 em várias famílias afetadas. O padrão de herança é autossômico dominante, entretanto casos esporádicos têm sido relatados. No presente trabalho, discutimos as ações e os mecanismos de ação da aldosterona, e os aspectos clínicos e fisiopatológicos envolvidos nas síndromes de resistência aos mineralocorticóides. Adicionalmente, os aspectos clínicos e moleculares de uma família brasileira com PHA1 secundário à mutação R947X no gene do MR são discutidos. Resumo em inglês Pseudohypoaldosteronism type 1 (PHA1) is a rare genetic disease characterized by neonatal renal salt wasting, vomiting, dehydration and failure to thrive. Affected patients present hyponatremia, hyperkalemia, associated with high levels of plasma renin and aldosterone resulting from a renal or systemic resistance to aldosterone. The systemic form of PHA1 results in a severe phenotype, and high doses of salt supplementation are necessary. The symptoms are life-long recurre (mais) nt. This form is associated with autosomal recessive transmission. Homozygous or compound heterozygous loss of function mutations in the genes coding for the epithelial sodium channel (ENaC) subunities are responsible for this disease. The renal form of PHA1 results in a mild phenotype. Low doses of salt supplementation are required and usually the symptoms remit at the end of the first year of life. Heterozygous loss-of-function mutations in the mineralocorticoid receptor (MR) gene are associated with the renal form of PHA1 in the majority of the affected families but sporadic cases have been reported. In this review the mechanisms of aldosterone action and its effects are discussed. Additionally, clinical and molecular findings of a Brazilian family with the renal form of PHA1 caused by a nonsense mutation (R947X) in the MR gene are presented.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

58

Resistência à ferrugem da folha e potencial produtivo em genótipos de trigo/ Leaf rust resistance and grain yield potential in wheat genotypes

Felicio, João Carlos; Camargo, Carlos Eduardo de Oliveira; Chaves, Márcia Soares; Castro, Jairo Lopes de
2008-12-01

Resumo em português Foram avaliados 18 genótipos de trigo provenientes de cruzamentos entre a linhagem BH1146//AA"S"/WIN"S", oriunda de cruzamentos interespecíficos entre Triticum aestivum L. e Triticum durum L., e as cultivares IAC 289 e IAC 1004, em experimentos instalados em condições de sequeiro em Manduri (Zona A); Capão Bonito e Itapeva (Zona B) e Paranapanema (Zona C), no período de 2003 a 2005. As avaliações dos genótipos ao agente causal da ferrugem da folha foram feitas no (mais) estádio de plântulas em casa de vegetação, onde os genótipos foram submetidos à inoculação, individualmente, com esporos de 12 raças de Puccinia triticina, as quais representavam o espectro de virulência do patógeno ocorrente no Brasil e sob infecção natural no campo. Foram avaliados os rendimentos de grãos de cada genótipo nas diferentes regiões e no conjunto dos experimentos, bem como a estabilidade e adaptabilidade. Os genótipos 8 (BH1146//AA"S"/WIN"S"/3/BUC/FKL//MYNA/VUL), 12 e 14 (BH1146//AA"S"/WIN"S"/3/VEE//DOVE/BUC) destacaram-se por sua resistência às raças fisiológicas de Puccinia triticina em casa de vegetação na fase de plântulas. Em condições de infecção natural da doença, destacaram-se os genótipos 4, 5, 8, 12, 13, 16 e 20 e a cultivar IAC 1004 (T. durum) com resistência à ferrugem da folha no triênio. Os melhores rendimentos de grãos foram obtidos pelos genótipos 8 (BH1146//AA"S"/WIN"S"/3/BUC/FKL//MYNA/VUL), 7 (BH1146//AA"S"/WIN"S"/3/HANN*2/PRL) e 18 (CMH 75.A.66/ SERI/3/BH1146//AA"S"/WIN"S"). O menor foi obtido pelo genótipo 16 (KAUZ/3/ BH1146//AA"S"/WIN"S"). Resumo em inglês Eighteen wheat genotypes obtained from crosses between the parental line BH1146//AA"S"/WIN"S" originated from interespecific crosses between Triticum aestivum L. and Triticum durum L. and the cultivars IAC 289 and IAC 1004 were evaluated in experiments carried out in upland conditions at Manduri (Zone A); Capão Bonito and Itapeva (Zone B) and Paranapanema (Zone C), in the State of São Paulo, Brazil, during 2003-2005 crop seasons. The evaluation of the genotypes to the c (mais) ausal agent of leaf rust was made at the seedling stage in greenhouse, where the genotypes were individually inoculated with spores of 12 races of Puccinia triticina, which represented the spectrum of pathogen virulence occurring in Brazil and under natural infection out in the field. Grain yield of each genotype was evaluated in the different regions and in a group of experiments, as well as the stability and adaptability. The genotypes 8 (BH1146// AA"S"/WIN"S"/3/BUC/FKL//MYNA/VUL), 12 and 14 (BH1146//AA"S"/WIN"S"/3/VEE //DOVE/BUC) showed resistance the physiologic races of Puccinia triticina in greenhouse in the seedling stage. The genotypes 4, 5, 8, 12, 13, 16 e 20 and the cultivar IAC 1004 (T. durum) presented leaf rust resistance, under natural disease infection conditions. The highest grain yields were obtained by the genotypes 8 (BH1146// AA"S"/WIN"S"/3/BUC/FKL//MYNA/VUL), 7 (BH1146//AA"S"/WIN"S"/3/HANN*2/ PRL) and 18 (CMH75.A.66/SERI/ 3/BH1146// AA"S"/WIN"S"). Genotype 16 (KAUZ/3/ BH1146//AA"S"/WIN"S") presented the lowest yield.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

59

Resistência à aspirina: realidade ou ficção?/ Aspirin resistance: fact or fiction?/ Resistencia a la aspirina: realidad o ficción?

Oliveira, Dinaldo Cavalcanti de; Silva, Rogerio Ferreira; Silva, Diego Jantsk; Lima, Valter Correia de
2010-09-01

Resumo em português Uma metanálise de estudos clínicos de pacientes com doença cardiovascular demonstrou que o uso de aspirina estava associado à redução de 22% de mortes e a eventos vasculares isquêmicos relevantes. Entretanto, estudos clínicos revelaram que pacientes tomando regularmente aspirina apresentavam recorrência de eventos cardiovasculares. Tal constatação levou a um questionamento: se, em alguns pacientes, a aspirina não era eficaz em bloquear a agregação plaquetár (mais) ia, sendo estes pacientes chamados de não responsivos ou resistentes à aspirina. Conceitua-se resistência clínica à aspirina pela ocorrência de eventos cardiovasculares em pacientes na vigência de tratamento com aspirina, enquanto a resistência laboratorial é definida como a persistência da agregação plaquetária, documentada por teste laboratorial, em pacientes tomando regularmente aspirina. Pacientes resistentes à aspirina tiveram, de acordo com testes laboratoriais, em média, 3,8 vezes mais eventos cardiovasculares quando comparados aos não resistentes. Resumo em espanhol Un metanálisis de estudios clínicos de pacientes con enfermedad cardiovascular demostró que el uso de aspirina estaba asociado a la reducción de 22% de muertes y a eventos vasculares isquémicos relevantes. Entre tanto, estudios clínicos revelaron que pacientes tomando regularmente aspirina presentaban recurrencia de eventos cardiovasculares. Tal constatación llevó a un cuestionamiento: si, en algunos pacientes, la aspirina no era eficaz en bloquear la agregación (mais) plaquetaria, siendo estos pacientes llamados de no responsivos o resistentes a la aspirina. Se conceptúa resistencia clínica a la aspirina por la ocurrencia de eventos cardiovasculares en pacientes en la vigencia del tratamiento con aspirina, mientras que la resistencia de laboratorio es definida como la persistencia de la agregación plaquetaria, documentada por test de laboratorio, en pacientes tomando regularmente aspirina. Pacientes resistentes a la aspirina tuvieron, de acuerdo con tests de laboratorio, en media, 3,8 veces más eventos cardiovasculares cuando fueron comparados a los no resistentes. Resumo em inglês A meta-analysis of clinical studies of patients with cardiovascular disease demonstrated that the use of aspirin was associated with a 22% decrease in death rates and relevant ischemic vascular events. However, clinical studies demonstrated that patients that regularly took aspirin presented recurrence of cardiovascular events. Such observation led to the question whether, in some patients, the aspirin was not effective in blocking platelet aggregation and these patients (mais) were called unresponsive to aspirin or aspirin-resistant. The clinical aspirin resistance is characterized as the occurrence of cardiovascular events in patients during treatment with aspirin, whereas the laboratory resistance is defined as the persistence of platelet aggregation, documented by laboratory test, in patients regularly taking aspirin. Patients that are aspirin-resistant presented, according to laboratory tests, on average 3.8 times more cardiovascular events when compared to non-resistant ones.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

60

Análise de pacientes com leucemia mieloide crônica com resistência primária ou secundária ao mesilato de imatinibe/ Analysis of chronic myelogenous leukemia patients with primary or secondary resistance to imatinib mesylate

Alves, Rita de Cássia S.
2009-01-01

Resumo em português O mesilato de imatinibe, como terapia alvo, se revelou altamente eficiente na leucemia mielóide crônica. Um desafio é a resistência primária ou secundária, principalmente nas fases avançadas da doença. Na secundária, as mutações pontuais no domínio quinase ABL são o mecanismo mais frequente. Estudou-se no período de outubro de 2000 a dezembro de 2005, 112 pacientes no Serviço de Hematologia e Hemoterapia da Santa Casa de São Paulo. O objetivo foi caracteri (mais) zar o perfil dos resistentes e pesquisar a presença de mutação. Encontrou-se maior porcentagem de resistentes nas fases mais avançadas. Foram fatores de risco para resistência na fase crônica o número de plaquetas superior a 450.000/mm³ pré-imatinibe ou plaquetas inferior a 50.000/mm³ durante o tratamento. A taxa de resposta hematológica completa e o tempo para obtenção foram semelhantes entre os resistentes e não resistentes. Observou-se menor sobrevida global nos resistentes. Destacaram-se dez pacientes resistentes com resposta citogenética completa pós 12 meses, "responsivos tardios", cuja freqüência de resposta hematológica e citogenética foi semelhante aos não resistentes (100%). A sobrevida livre de progressão foi similar até aos 40 meses e a sobrevida global até aos 70 meses. A sobrevida global e as respostas foram superiores aos demais resistentes. Referente à pesquisa de mutação, analisou-se 22 resistentes, dos quais oito apresentaram mutação (36,4%). Caracterizou-se maior risco para a condição de mutação, a presença de blastos no sangue periférico ao diagnóstico nos pacientes em fase crônica. Resumo em inglês Imatinib mesylate, as target therapy, is highly efficient in chronic myelogenous leukemia. A challenge is primary and secondary resistance, particularly in the advanced phases of the disease. In secondary resistance, point mutations in the ABL dominion are the most common mechanism. From October 2000 to December 2005, 112 patients were investigated in the Hematology and Hemotherapy Service of Santa Casa of Sao Paulo. The aim was to characterize the profile of resistance a (mais) nd study the presence of the mutation. The majority of resistant patients were in the most advanced phases of the disease. Risk factors for resistance in the chronic phase were a platelet count higher than 450,000/mm3 before imatinib treatment or less than 50,000/mm3 during treatment. The total hematological response rate and the time to achieve this were similar between resistant and non-resistant patients. Lower overall survival was observed with resistance. It was notable that ten resistant patients had complete cytogenetic responses after 12 months (late responses) with both hematological and cytogenetic response rates similar to non-resistant patients (100%). Survival free from progression was similar up to 40 months and the overall survival rate was comparable up to 70 months. The overall survival and response to treatment were better than for the other resistant patients. In respect to the investigation of mutations, 22 resistant patients were investigated with eight presenting with the mutation (36.4%) The presence of blast cells in the peripheral blood at diagnosis of patients in the chronic phase was characterized as a higher risk factor for this mutation.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

61

O controle hipotalâmico da fome e da termogênese: implicações no desenvolvimento da obesidade/ The hypothalamic control of feeding and thermogenesis: implications on the development of obesity

Velloso, Lício A.
2006-04-01

Resumo em português O aumento da prevalência de obesidade em várias regiões do planeta vem se revelando como um dos mais importantes fenômenos clínico-epidemiológicos da atualidade. Fatores como a mudança do hábito alimentar e o estilo de vida sedentário, aliados a determinantes genéticos ainda pouco conhecidos, desempenham um papel relevante na patogênese desta doença. Nos últimos dez anos, desde o descobrimento do hormônio leptina, avanços consideráveis foram obtidos na car (mais) acterização dos mecanismos hipotalâmicos do controle da ingestão alimentar e da termogênese. Tais avanços têm revelado as particularidades de um sistema complexo e integrado, e têm oferecido novas perspectivas para abordagens terapêuticas farmacológicas específicas. Esta revisão apresenta os mais recentes avanços nesta área, tendo como foco a ação hipotalâmica da leptina e da insulina e explorando a hipótese de que a resistência à ação central destes hormônios possa ser o elo entre a obesidade e as outras condições clínicas nas quais a resistência à insulina desempenha um papel patogenético proeminente. Resumo em inglês The worldwide increase in the prevalence of obesity is becoming one of the most important clinical-epidemiological phenomena of the present days. Environmental factors such as changes in life-style and feeding behavior associated with poorly characterized genetic determinants are though to play the most important roles in the pathogenesis of this disease. During the last ten years, since the discovery of leptin, great advances were obtained in the characterization of the (mais) hypothalamic mechanisms involved in the control of food intake and thermogenesis. Such advances are unveiling a complex and integrated system and are opening a wide perspective for the finding of novel therapeutic targets for the treatment of this harming condition. This review will present some of the most recent findings in this field. It will be focused on the actions of leptin and insulin in the hypothalamus and will explore the hypothesis that hypothalamic resistance to the action of these hormones may play a role in the development of obesity and may act as a molecular link between obesity, type 2 diabetes mellitus and other clinical conditions on which insulin resistance plays an important pathogenetic role.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

62

Você conhece esta síndrome?/ Do you know this syndrome?

Sousa, Júnia Bicalho de; Carvalho, Sílvia Pimenta de; Pereira, Luciana Baptista; Vale, Everton Siviero do
2006-02-01

Resumo em português A lipodistrofia generalizada congênita (síndrome de Berardinelli-Seip), doença autossômica recessiva, caracteriza-se por escassez do tecido subcutâneo. A falta de tecido adiposo propicia disfunção metabólica dos lípides e carboidratos, resistência periférica à insulina, hipertrigliceridemia e hipermetabolismo. Outros achados são acantose nigricante, acromegalia, hepatomegalia e alterações musculares, ósseas, cardiovasculares e neurológicas. Relata-se o ca (mais) so de paciente com essa síndrome, cujo diagnóstico foi realizado em um serviço de dermatologia. Resumo em inglês Congenital generalized lipodystrophy (Berardinelli-Seip syndrome) is a recessive autossomic disease characterized by absence of subcutaneous tissue. The fat tissue absence leads to metabolic dysfunction of lipids and carbohydrates, peripheral insulin resistance and increased seric levels of triglycerides and also a higher metabolic rate. Other findings are acanthosis nigricans, acromegaly, hepatomegaly and muscular, bony, cardiovascular and neurological abnormalities. A c (mais) ase of a patient with this syndrome is reported, whose diagnosis was made in a dermatology ambulatory.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

63

Aspirina em baixa dosagem em pacientes com diabete melito: riscos e benefícios em relação às complicações macro e microvasculares/ Low-dose aspirin in patients with diabete melitus: risks and benefits regarding macro and microvascular complications

Camargo, Eduardo G.; Gross, Jorge Luiz; Weinert, Letícia S.; Lavinsky, Joel; Silveiro, Sandra P.
2007-04-01

Resumo em português O uso de aspirina é recomendado como estratégia de prevenção cardiovascular em pacientes com diabete melito. Em decorrência do risco de eventos hemorrágicos e da hipótese de que poderia haver um agravamento das complicações microvasculares associado ao uso da aspirina, tem havido importante sub-utilização dessa terapia. Entretanto, está definido que o uso de aspirina não piora a retinopatia diabética e existem evidências de que também não afeta a função (mais) renal em doses usuais (150 mg/dia). Por outro lado, pacientes com diabete melito parecem necessitar de doses maiores do agente antiplaquetário, o que sugere que esses indivíduos apresentem a chamada "resistência à aspirina". Os mecanismos dessa resistência ainda não estão completamente esclarecidos, estando provavelmente relacionados à atividade plaquetária intrínseca anormal. Portanto, o emprego de terapêuticas antiplaquetárias alternativas ou a administração de doses maiores de aspirina (150-300 mg/dia) devem ser melhor avaliados em relação a um aumento da eficácia na prevenção da doença cardiovascular e também a possíveis efeitos nas complicações microvasculares no diabete melito. Resumo em inglês Aspirin is recommended as cardiovascular disease prevention in patients with diabetes mellitus. Due to the increased risk of bleeding and because of the hypothesis that there could be a worsening of microvascular complications related to aspirin, there has been observed an important underutilization of the drug. However, it is now known that aspirin is not associated with a deleterious effect on diabetic retinopathy and there is evidence indicating that it also does not a (mais) ffect renal function with usual doses (150 mg/d). On the other hand, higher doses may prove necessary, since recent data suggest that diabetic patients present the so called "aspirin resistance". The mechanisms of this resistance are not yet fully understood, being probably related to an abnormal intrinsic platelet activity. The employment of alternative antiplatelet strategies or the administration of higher aspirin doses (150-300 mg/d) should be better evaluated regarding effective cardiovascular disease prevention in diabetes as well as the possible effects on microvascular complications.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

64

Fibras solúveis no tratamento da doença hepática gordurosa não-alcoólica: estudo piloto/ Non alcoholic fatty liver disease: treatment with soluble fibres

Rocha, Raquel; Cotrim, Helma P.; Siqueira, Ana Cristina; Floriano, Shirley
2007-12-01

Resumo em português O presente estudo piloto avaliou a eficácia de fibras solúveis no tratamento da doença hepática gordurosa não-alcoólica. Foram incluídos 12 pacientes que receberam 10 g/dia de fibras solúveis oral por 3 meses. Após o tratamento, observou-se redução nos valores do índice de massa corporal, circunferência da cintura e resistência à insulina em 100% dos casos, redução nos níveis de colesterol em 66,7% e normalização de ALT, AST e GGT em 75%. Os resultados (mais) sugerem que a utilização de fibras solúveis pode colaborar no controle de fatores de risco e das enzimas hepáticas em pacientes com doença hepática gordurosa não-alcoólica e estimulam a realização de estudos controlados envolvendo controle histológico. Resumo em inglês The pilot study evaluated the efficiency of oral soluble fibers to treat patients with nonalcoholic fatty liver disease. Twelve patients received 10 g/day of soluble fibers during 3 months. After the treatment 100% of patients presented reduction in body mass index, waist circumference and insulin resistance index. In 66.7% of the patients were observed reduction of the cholesterol levels and 75% presented normal liver enzymes (AST, ALT, and GGT). The present study sugges (mais) ts that oral soluble fibers may be useful to control risk factors and liver enzymes in patients with nonalcoholic fatty liver disease. However, future studies with histological controls are considered necessary.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

65

Os abcessos pulmonares em revisão/ Pulmonary abcess, a revision

Gonçalves, Ana Moura; Falcão, Luiz Menezes; Ravara, Luciano
2008-02-01

Resumo em português Os abcessos pulmonares são cavidades que surgem no parênquima pulmonar, apresentando maior ou menor quantidade de tecido necrosado no seu interior. Surgem em indivíduos predispostos, como sejam os doentes com doença pulmonar crónica ou obstrução secundária a neoplasia e os doentes com maior risco de aspiração, estando incluidos os doentes com alteração do estado neurológico, os utilizadores de drogas endovenosas, os doentes com alcoolismo, patologia da faring (mais) e e esofágica, doença neuromuscular, entre outras. É feita a revisão dos principais agentes causais, da metodologia diagnóstica, da abordagem terapêutica na actualidade e do prognóstico destas situações. Os abcessos pulmonares, para além de relativamente pouco frequentes, são difíceis de caracterizar, sendo a resistência aos antibióticos um problema a ter presente, na sua abordagem terapêutica. Resumo em inglês Lung abscesses are cavitating lesions containing necrotic debris caused by microbial infection. Patients with chronic lung disease, bronchial obstruction secondary to cancer, a history of aspiration or risk of aspiration caused by alcoholism, altered mental status, structural or physiologic alterations of the pharynx and esophagus, neuromuscular disorders, anesthesia, are among others at higher risk of developing lung abcess. The main bacteriological characteristics, the (mais) diagnosis, therapy and prognosis are considered. The problem of antimicrobial resistance is also referred.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

66

Evolução da vassoura-de-bruxa e avaliação da resistência em progênies de cupuaçuzeiro/ Evolution of the witch's broom disease and evaluation of resistance in cupuassu progenies

Alves, Rafael Moysés; Resende, Marcos Deon Vilela de; Bandeira, Bruna dos Santos; Pinheiro, Thiago Martins; Farias, Daniella Cristina Raiol
2009-12-01

Resumo em português Com o objetivo de conhecer a evolução da doença vassoura-de-bruxa, a taxa de segregação e estimar parâmetros genéticos, foi conduzido um experimento com 21 progênies de irmãos completos de cupuaçuzeiro, instalado em Belém, Pará. As progênies foram obtidas pelo cruzamento controlado de clones resistentes com clones resistentes, clones resistentes com clones suscetíveis e, clones suscetíveis com clones suscetíveis. Foram avaliadas também três progênies de (mais) meios-irmãos como testemunhas. Os experimentos foram avaliados ao nível de indivíduos, e as análises foram conduzidas via metodologia de modelos lineares mistos (procedimento REMl/BlUP), como delineamento em blocos incompletos desbalanceados, com tratamentos comuns entre dois experimentos. As variáveis avaliadas foram: percentagem de plantas resistentes ao ataque da doença no ramo, inflorescência, fruto imaturo e maduro, no período de 2002 a 2007. Os resultados mostraram que a emissão de vassoura vegetativa é especialmente importante entre julho e setembro. A evolução da doença evidencia que as podas fitossanitárias devem ser realizadas no final da safra, nos meses de maio/junho, e repassadas em setembro/outubro. A população estudada oferece excelente possibilidade de seleção e ganho genético, respaldada pelos elevados índices de variabilidade genética e herdabilidade dos caracteres de resistência. As progênies segregaram tanto para os sintomas de vassoura nos ramos, nas inflorescências, como nos frutos imaturos e maduros. Para o controle integrado desta doença, os resultados mostram a importância da associação de materiais genéticos resistentes ou moderadamente resistentes à vassoura-de-bruxa com as podas fitossanitárias. Resumo em inglês This paper aimed to study the evolution and individual segregation of the witch's broom disease and estimate the genetic parameters in trials with 21 full sib families of Cupuaçú established in Belém, Pará. The progenies were obtained through control pollination involving resistant and susceptible parents in all three combinations. Three half-sib families were also evaluated as checks. The experiments were evaluated at individual level and all the analyses were based (mais) on the mixed model methodology (REMl/ BlUP procedure) with unbalanced incomplete blocks design and common checks across trials. The evaluated traits comprised the percentage of resistant plants concerning the disease on the branches, on the flowers and on the mature and immature fruits from 2002 to 2007. The results showed that the disease is especially important between July and September. The disease evolution showed that pruning against the disease must be conducted at the end of the productive season in May/June and also in September/October. The breeding population can be successfully improved due to the high levels of genetic variability and heritability associated to the resistance traits. There were genetic segregations for all the traits. The integrated control of the disease, associating resistant genotypes and pruning is recommended.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

67

Resistência à insulina e síndrome metabólica no diabetes melito do tipo 1/ Insulin resistance and metabolic syndrome in type 1 diabetes mellitus

Dib, Sergio Atala
2006-04-01

Resumo em português A resistência à insulina (RI) pode desempenhar um papel, na história natural do diabetes melito do tipo 1 (DM1), maior do que o habitualmente reconhecido. Nas últimas décadas, este papel se tornou mais evidente com o aumento da obesidade e da diminuição da atividade física nos jovens. Esta revisão tem como objetivo apresentar e discutir a RI nas diferentes fases do DM1, bem como a prevalência da Síndrome Metabólica (SM) nessa condição. O aumento na RI, conco (mais) mitante a uma diminuição da massa de células beta, pode alterar o equilíbrio entre a sensibilidade à insulina e a secreção de insulina, e precipitar a hiperglicemia nos indivíduos com pré-DM1. A RI poderia refletir uma forma mais agressiva de doença autoimune, mediada por fatores imuno-inflamatórios, comuns a ambos os processos, que também mediassem a destruição das células beta (TNF-alfa e IL-6). Estes conceitos fazem parte da "Hipótese Aceleradora". A história familiar de DM2 e a hiperglicemia crônica (glicotoxicidade), durante a fase clínica do DM1, estão associadas a uma diminuição da captação periférica de glicose. A nefropatia diabética (ND), através da inflamação subclínica e do aumento no estresse oxidativo, contribui para a RI e o desenvolvimento da SM. A prevalência da SM no DM1 varia entre 12 a 40%, sendo mais freqüente nos pacientes com ND e controle glicêmico insatisfatório. Estes achados possuem implicações na terapêutica e no prognóstico cardiovascular dos pacientes com DM1. Resumo em inglês Insulin resistance (IR) plays a larger role in the type 1 diabetes mellitus (T1DM) disease process than commonly recognized. Overweight and physical inactivity have increased steadily for the last 20-30 years in children and adolescents in many populations, concurrently with a rising incidence of T1DM. The role of IR in T1DM has only recently been gaining acceptance. This review will focus on how IR influences our current understanding of disease development and metabolic (mais) syndrome (MS) in T1DM. Increases in IR by weight gain and sedentarism, associated to decreased beta cell mass by autoimmune process, may disrupt normoglycemia in pre-T1DM individuals. IR may reflect a more aggressive form of autoimmune disease mediated by immuno-inflammatory factors that also mediate beta cell destruction (TNF-alpha and IL-6). These concepts are included in the "accelerator hypothesis". Moreover, family history of T2DM and chronic hyperglycemia (glucotoxicity), occurring after T1DM diagnosis, contribute to decrease peripheral glucose uptake. The onset of diabetic nephropathy (DN) might also contribute to IR and metabolic syndrome (MS) via low-grade inflammation and increased oxidative stress. MS is found between 12 to 40% in T1DM, especially in patients with advanced DN and poor glycemic control. These findings have therapeutic and cardiovascular prognostic implications as children make the transition toward adolescence and young adulthood T1DM.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

68

Doença pulmonar obstrutiva crónica: Uma revisão/ Chronic obstructive pulmonary disease: A review

Laizo, Artur
2009-11-01

Resumo em português A DPOC é uma doença prevenível e tratável ocasionada pela exposição ao tabagismo e gases tóxicos. A sua característica é a obstrução progressiva ao fluxo aéreo de irreversível depois de ocorrerem as lesões no parênquima. O objectivo do trabalho é uma revisão sistemática da doença e da forma de tratamento. Discussão: o tabagismo é a maior causa de DPOC e leva a não só uma diminuição da oxigenação por hiperinsuflação pulmonar com redução do fl (mais) uxo aéreo como a um processo inflamatório sistémico, reduzindo a resistência à fadiga da musculatura esquelética produzindo hipoxemia, diminuição do fluxo sanguíneo periférico, levando inclusive a abortos espontâneos e partos prematuros. Marcadores inflamatórios como as interleucinas e o TNF-alfa mantêm o quadro sistémico. A cessação do tabagismo melhora a hipoxemia, a intolerância ao exercício, porém não recupera o tecido lesado. A DPOC é uma doença grave que pode ser evitada se houver uma consciencialização maior da população a respeito dos malefícios do cigarro. Resumo em inglês COPD is a preventable and treatable disease caused by exposure to tobacco smoke and poisonous gases. It is characterised by progressive obstruction of the airflow, irreversible once lesions occur in the parenchyma. This article aims to systematically review the disease and its treatment. Discussion: Smoking is the main cause of COPD and leads to decreased oxygenation via lung hyperinflation with reduced airflow as a systemic inflammatory process. This reduces resistance t (mais) o fatigue of the skeletal musculature, leading to hypoxemia, decreased peripheral blood flow and also miscarriages and premature births. Inflammatory markers such as interleukins and TNF-alpha maintain the systemic picture. While smoking cessation improves hypoxemia and exercise intolerance, it does not repair damaged tissue. COPD is a serious disease which can be avoided by a wider understanding by the population of the harm smoking causes.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

69

Gasto energético de repouso em pacientes com doença renal crônica/ Resting energy expenditure in patients with chronic kidney disease

Kamimura, Maria Ayako; Avesani, Carla Maria; Draibe, Sérgio Antônio; Cuppari, Lilian
2008-02-01

Resumo em português O conhecimento do gasto energético de repouso é de fundamental importância na determinação das necessidades energéticas e, conseqüentemente, no estabelecimento das recomendações de energia de um indivíduo. O elevado gasto energético, se não compensado por uma ingestão alimentar suficiente, poderá contribuir para a desnutrição e o maior risco de morbidade e mortalidade. Nos pacientes com doença renal crônica, a uremia per se e o tratamento de diálise est (mais) ão, freqüentemente, associados a vários distúrbios, como a acidose metabólica, a resistência insulínica, o hiperparatireoidismo secundário e a inflamação, que podem aumentar o catabolismo protéico e, em parte, contribuir para o aumento do gasto energético de repouso. A presente revisão tem como objetivo descrever os estudos sobre o gasto energético de repouso nos pacientes com doença renal crônica e os aspectos que influenciam o gasto energético nesta população. Resumo em inglês Knowledge of resting energy expenditure is of paramount importance for the determination of energy requirements and consequently for the establishment of energy recommendations of an individual. Elevated energy expenditure, if not supplied by enough food consumption, may contribute to malnutrition and higher risk of morbidity and mortality. In patients with chronic kidney disease, uremia per se and the dialysis treatment are frequently associated with several disturbances (mais) , such as metabolic acidosis, insulin resistance, secondary hyperparathyroidism and inflammation, that might in part contribute to the increase in resting energy expenditure. The present review aims to describe the studies on resting energy expenditure in patients with chronic kidney disease and the factors influencing energy expenditure in this population.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

70

Controle das parasitoses gastrintestinais em ovinos e caprinos na região semiárida do Nordeste do Brasil/ Gastro-intestinal nematodes control in goats and sheep in the semiarid region northeastern Brazil

Costa, Valéria M.M.; Simões, Sara V.D.; Riet-Correa, Franklin
2011-01-01

Resumo em português Neste artigo são revisados alguns conceitos importantes a serem considerados para o controle de parasitas gastrintestinais em caprinos e ovinos. Descrevem-se as características epidemiológicas desta parasitose no semiárido e o aparecimento de resistência aos anti-helmínticos na região. São propostas alternativas para o controle da doença levando em consideração, principalmente, a adoção de técnicas de controle integrado de parasitas com uma mudança nos sist (mais) emas de tratamento preventivo para sistemas que permitam a sobrevivência de parasitas susceptíveis na refugia. São discutidas as diferenças entre caprinos e ovinos, considerando que os caprinos são mais susceptíveis e que para maioria das drogas devem ser tratados com doses maiores. Resumo em inglês This paper reviews some important concepts to be considered for the control of gastro-intestinal nematode parasites of sheep and goats, including the epidemiology of this parasitic disease in the Brazilian semiarid, and the occurrence of anti-helminthic resistance in the region. Considering the widespread use of preventive treatments during the dry season, new alternatives for the control of gastrointestinal parasites are recommended, taking into account the parasite inte (mais) grated control system and the use of methods to allow the presence of susceptible parasites in the refugia. Differences between sheep and goats are discussed, taking into account the higher susceptibility of goats and the necessity to use larger doses in goats than in sheep for most anti-helminthics.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

71

Alterações metabólicas da síndrome lipodistrófica do HIV/ HIV lipodystrophy syndrome

Valente, Angélica M.M.; Reis, André F.; Machado, Daisy M.; Succi, Regina C.M.; Chacra, Antonio R.
2005-12-01

Resumo em português A introdução da highly active antiretroviral therapy (HAART) - terapia anti-retroviral fortemente ativa - vem reduzindo a morbidade e a mortalidade em pacientes infectados com o vírus da imunodeficiência humana (HIV). Entretanto, tratamentos prolongados, com combinações de drogas, são de difícil manutenção devido à má aderência e aos efeitos tóxicos. O tratamento com agentes anti-retrovirais, especialmente os inibidores da protease, fez surgir uma síndrome (mais) caracterizada por redistribuição anormal da gordura corporal, alterações no metabolismo glicêmico, resistência insulínica e dislipidemia, chamada de síndrome lipodistrófica do HIV (SLHIV). Atualmente não existe nenhum consenso para prevenção ou tratamento da síndrome, cuja causa permanece desconhecida. Esta revisão enfatiza os achados clínicos e dados da literatura a respeito da SLHIV, pois um melhor entendimento desta síndrome por infectologistas, cardiologistas e endocrinologistas é essencial para o manejo da doença. Resumo em inglês The introduction of highly active antiretroviral therapy (HAART) has reduced morbidity and mortality in patients infected with the human immunodeficiency virus (HIV). However, prolonged treatment with combination regimens can be difficult to sustain because of problems with adherence and toxic effects. Treatment with antiretroviral agents - protease inhibitors in particular - has uncovered a syndrome of abnormal fat redistribution, impaired glucose metabolism, insulin res (mais) istance and dyslipidemia, collectively termed lipodystrophy syndrome (SLHIV). Nowadays, no clinical guidelines are available for the prevention or treatment of SLHIV, and its cause have yet to be totally elucidated. This review emphasizes the clinical features and the data from previous studies about the SLHIV taking into account that a better understanding of this syndrome for HIV specialists, cardiologists and endocrinologists is fundamental for the disease control.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

72

Artrite reumatóide e aterosclerose/ Rheumatoid arthritis and atherosclerosis

Brenol, Claiton Viegas; Monticielo, Odirlei André; Xavier, Ricardo Machado; Brenol, João Carlos Tavares
2007-10-01

Resumo em português A artrite reumatóide (AR) é uma doença sistêmica inflamatória de etiologia auto-imune, caracterizada por sinovite crônica, simétrica e erosiva, principalmente de pequenas articulações. Associa-se ao aumento da prevalência de doença arterial coronariana, com alta mortalidade cardiovascular. Isto se deve a um processo de aterogênese acelerada, que não é explicado somente pela presença dos tradicionais fatores de risco como tabagismo, hipercolesterolemia, idad (mais) e, diabetes melito e hipertensão arterial sistêmica. Níveis elevados de velocidade de sedimentação globular e proteína C reativa se correlacionam diretamente com o aumento de eventos cardiovasculares. Citocinas pró-inflamatórias contribuem com a disfunção endotelial, resistência insulínica, dislipidemia, efeitos pró-trombóticos e estresse oxidativo, que são fundamentais para o processo aterogênico. O conhecimento atual da etiopatogênese da aterosclerose na AR permite identificar fatores de risco implicados no processo aterosclerótico que podem ser melhor controlados, o que poderia resultar na diminuição do surgimento e na desaceleração deste processo e conseqüente redução da morbidade e mortalidade associadas à doença cardiovascular. Resumo em inglês Rheumatoid arthritis is a systemic inflammatory autoimmune disease characterized by symmetric, erosive and chronic synovitis, especially of minor joints. It is associated with increased prevalence of cardiovascular disease and with high mortality. This occurs because of an accelerated atherogenic process, explained by traditional cardiovascular risk factors such as smoking, hypercholesterolemia, age, diabetes mellitus and systemic arterial hypertension. High levels of hem (mais) osedimentation velocity and C-reactive protein are directly correlated with increased cardiovascular events. Pro-inflammatory cytokines contribute with endothelial dysfunction, insulin resistance, dyslipidemia, prothrombotic effects and oxidative stress that are at the basis of the atherogenic process. Recent information about atherosclerosis in rheumatoid arthritis allows for identification of the risk factors involved in atherosclerosis that can be best controlled. This could result in a reduced manifestation of the process and its cutback, with consequent decrease of mortality and morbidity related to rheumatoid arthritis.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

73

Características da dieta nas diferentes fases da evolução do diabetes melito tipo 1/ Diet composition along the evolution of type 1 diabetes mellitus

Lottenberg, Ana Maria Pita
2008-03-01

Resumo em português A importância da terapia nutricional no tratamento do diabetes melito tem sido enfatizada desde os primórdios de seu conhecimento, quando era a única intervenção efetiva. No diabetes tipo 1, a dieta adequada é fundamental em conseqüência de sua conjugação com a utilização da insulina exógena. A ingestão energética adequada, para obtenção de peso normal mantém o anabolismo, assegurando crescimento e desenvolvimento, assim como diminui a resistência à in (mais) sulina. O uso correto dos micro e macronutrientes é de fundamental importância. O conhecimento do metabolismo dos carboidratos e sua relação com a elevação glicêmica, em seus aspectos qualitativos e quantitativos é enfatizada por possibilitar um bom controle, principalmente no período pós-prandial. É comentada também a correta utilização de proteínas para prevenir ou tratar nefropatia e gorduras para evitar a dislipidemia, obesidade e doença cardiovascular. Sacarose e edulcorantes artificiais devem ser utilizados com critérios. A aderência ao tratamento, entretanto, é fundamental para obtenção das metas desejadas. Resumo em inglês The importance of nutrition therapy in treating diabetes mellitus has been emphasized since it was first identified, being the only effective intervention then. In Type 1 diabetes, its importance is even more pronounced due to its association with the use of exogenous insulin. Appropriate caloric ingestion in order to attain normal body weight maintains anabolism, warranting growth and development and decreases insulin resistance. The correct use of micronutrients and mac (mais) ronutrients is vitally important. The knowledge of carbohydrate metabolism and its association with glycemic elevation, in qualitative and quantitative aspects, is emphasized since it enables good control, especially during the postprandial period. The correct use of proteins to prevent or treat nephropathies and lipids or to avoid dyslipidemia, obesity, and cardiovascular disease are also addressed. Sucrose and artificial sweeteners should be used with care. Compliance with treatment, however, is the key to reach the desired goals.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

74

Estado atual do tratamento da coronariopatia crônica em pacientes diabéticos: evidências e controvérsias baseadas em ensaios clínicos/ State-of-the-art in the treatment of chronic coronariopathy in diabetic patients: evidences and controversies based in clinical trials

Lopes, Neuza H.; Tsutsui, Jeane M.; Hueb, Whady A.
2007-03-01

Resumo em português Diabetes mellitus é um dos principais fatores de risco para a doença arterial coronária. A doença progride de forma mais acelerada em pacientes diabéticos e está associada com pior prognóstico. Embora a revascularização miocárdica garanta alívio rápido dos sintomas em pacientes com doença arterial coronária documentada, não existe substancial evidência de benefício prognóstico, salvo em situações anatômicas específicas. Adicionalmente, o benefício d (mais) as terapias de revascularização é atenuado pela presença de anormalidades metabólicas secundárias à resistência à insulina e significantes co-morbidades. Nos últimos anos, avanços na terapêutica clínica (estatinas, antiplaquetários potentes, novos anti-hipertensivos) e técnicas de revascularização cirúrgica e percutânea ocorreram, sendo que o emprego de stents farmacológicos parece ser uma promissora opção terapêutica nesses pacientes. A estratégia de tratamento do paciente diabético com coronariopatia crônica deve levar em consideração a patogênese multifatorial da doença e visar uma intervenção agressiva do controle dos níveis glicêmicos e de todos os fatores de risco modificáveis, aliada à mudança no estilo de vida. Os efeitos não-metabólicos dos sensibilizadores de insulina sobre a vasculopatia e mortalidade nesses pacientes também estão em discussão. Estudos clínicos em andamento deverão definir o impacto das novas modalidades terapêuticas sobre o prognóstico dos pacientes diabéticos. Resumo em inglês Diabetes mellitus is a powerful risk factor for coronary artery disease. Diabetics demonstrate accelerated coronary atherosclerosis and worst prognosis following cardiac events. Although myocardial revascularization procedures result in more effective relieve of symptoms in patients with known coronary artery disease, there is no substantial evidence that this strategy improves outcome, except for specific situations. In addition, the benefit of myocardial revascularizati (mais) on is attenuated by the presence of metabolic abnormalities related to insulin resistance and other significant co-morbidities in diabetic patients. New advances recently developed for the clinical treatment of diabetes, as well as surgical and percutaneous approaches of myocardial revascularization, such as drug-eluting stents, seem to be promising therapeutical strategies for diabetic patients. Most importantly, treatment of type 2 diabetics with chronic coronary artery disease should consider the multifactorial pathogenesis of the disease and combine aggressive control of glycemic levels, strict management of all conventional risk factors, and lifestyle modification. The metabolic effects of insulin sensitizers over cardiovascular disease and mortality are under discussion. Ongoing clinical multicenter trials will probably define the real impact of new therapeutic modalities over the prognosis of diabetic patients.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

75

Sobre a varíola e as práticas da vacinação em Minas Gerais (Brasil) no século XIX/ About smallpox and vaccination practices in Minas Gerais (Brazil) in the 19th century

Silveira, Anny Jackeline Torres; Marques, Rita de Cássia
2011-02-01

Resumo em português Este artigo analisa o impacto da varíola e da prática da vacinação antivariólica em Minas Gerais durante o período imperial brasileiro (1822-1889). Apesar da presença de órgãos que visavam à organização e à propagação da vacina no país desde o início do século XIX, identifica-se, pela documentação relativa à saúde pública produzida pelas autoridades provinciais, uma série de fatores de natureza administrativa e cultural que influenciaram negativame (mais) nte na plena implementação quer da vacina quer da estrutura organizada no período visando à sua difusão. Seguindo as proposições da historiografia dedicada ao tema, discute-se que, apesar da tendência à centralização observada em diferentes esferas da administração no processo de estruturação do Estado Imperial, no âmbito da saúde e, particularmente, no âmbito do serviço de vacinação antivariólica, prevaleceu uma desarticulação entre os diferentes agentes responsáveis pela implementação e o controle desse serviço. Outro aspecto que contribuiu para as dificuldades relativas à implementação desse serviço foi a grande resistência da população em submeter-se à vacina e que pode ser entendida pela análise das percepções sociais construídas sobre a doença e o método da vacinação. Resumo em inglês This article discusses the impact of smallpox and vaccination practices used against the disease used in the province of Minas Gerais, in Brazil, during the Imperial Period (1822-1889). Despite the existence of services responsible for the organization and dissemination of the vaccine in the country since the early 19th century, some administrative and cultural factors, as identified in documents produced by the province's public health authorities at the time, had a nega (mais) tive impact upon the full implementation of both practice and organization of services aimed at the dissemination of smallpox vaccination. Based upon historiographic sources, it is argued that despite the trend towards centralization observed at different governmental spheres during the structuring of the Imperial State, in particular, in the provision of vaccination services, there was a prevailing disharmony between the different agencies responsible for the implementation and management of such services. A further contributor to the difficulties in the service implementation was the resistance of the population to submit to the vaccination, a phenomenon that can be best understood through examination of the social construction of perceptions about diseases and the vaccination method used against the smallpox.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

76

Sobre a varíola e as práticas da vacinação em Minas Gerais (Brasil) no século XIX/ About smallpox and vaccination practices in Minas Gerais (Brazil) in the 19th century

Silveira, Anny Jackeline Torres; Marques, Rita de Cássia
2011-02-01

Resumo em português Este artigo analisa o impacto da varíola e da prática da vacinação antivariólica em Minas Gerais durante o período imperial brasileiro (1822-1889). Apesar da presença de órgãos que visavam à organização e à propagação da vacina no país desde o início do século XIX, identifica-se, pela documentação relativa à saúde pública produzida pelas autoridades provinciais, uma série de fatores de natureza administrativa e cultural que influenciaram negativame (mais) nte na plena implementação quer da vacina quer da estrutura organizada no período visando à sua difusão. Seguindo as proposições da historiografia dedicada ao tema, discute-se que, apesar da tendência à centralização observada em diferentes esferas da administração no processo de estruturação do Estado Imperial, no âmbito da saúde e, particularmente, no âmbito do serviço de vacinação antivariólica, prevaleceu uma desarticulação entre os diferentes agentes responsáveis pela implementação e o controle desse serviço. Outro aspecto que contribuiu para as dificuldades relativas à implementação desse serviço foi a grande resistência da população em submeter-se à vacina e que pode ser entendida pela análise das percepções sociais construídas sobre a doença e o método da vacinação. Resumo em inglês This article discusses the impact of smallpox and vaccination practices used against the disease used in the province of Minas Gerais, in Brazil, during the Imperial Period (1822-1889). Despite the existence of services responsible for the organization and dissemination of the vaccine in the country since the early 19th century, some administrative and cultural factors, as identified in documents produced by the province's public health authorities at the time, had a nega (mais) tive impact upon the full implementation of both practice and organization of services aimed at the dissemination of smallpox vaccination. Based upon historiographic sources, it is argued that despite the trend towards centralization observed at different governmental spheres during the structuring of the Imperial State, in particular, in the provision of vaccination services, there was a prevailing disharmony between the different agencies responsible for the implementation and management of such services. A further contributor to the difficulties in the service implementation was the resistance of the population to submit to the vaccination, a phenomenon that can be best understood through examination of the social construction of perceptions about diseases and the vaccination method used against the smallpox.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

77

Doença cardiovascular no diabetes mellitus: análise dos fatores de risco clássicos e não-clássicos/ Cardiovascular disease in diabetes mellitus: classical and non-classical risk factors

Siqueira, Antonela F.A.; Almeida-Pititto, Bianca de; Ferreira, Sandra R.G.
2007-03-01

Resumo em português A doença cardiovascular (DCV), incluindo a doença arterial coronariana (DAC), acidente vascular cerebral (AVC) e doença arterial periférica (DAP), é importante causa de morte em populações, especialmente na diabética. Indivíduos diabéticos apresentam risco aumentado de 3 a 4 vezes de sofrer evento cardiovascular e o dobro do risco de morrer deste evento quando comparados à população geral. Tem havido declínio na mortalidade por DCV, porém a queda nas mortes (mais) por DAC em portadores de diabetes tem sido bastante inferior à de não-diabéticos. Vários fatores presentes no diabetes favorecem a maior ocorrência de DCV, como a hiperglicemia, a resistência à insulina, além de fatores de risco clássicos e não-clássicos (hipertensão arterial sistêmica, dislipidemia, obesidade, estado inflamatório subclínico e outros). É possível que o potencial aterogênico da obesidade decorra em parte da produção aumentada de citocinas pelos adipócitos. Devido à marcante associação entre diabetes e DCV, e prognóstico desfavorável após um evento, é importante identificar quais são os indivíduos de mais alto risco e como rastreá-los. A American Heart Association e a American Diabetes Association recomendam estratificação do risco de pacientes sintomáticos por testes diagnósticos. O desafio está em identificar pacientes diabéticos assintomáticos que se beneficiariam de testes diagnósticos para detecção precoce de DCV, visando viabilizar medidas preventivas ou terapêuticas, capazes de reduzir morbi-mortalidade. O benefício do controle glicêmico e dos demais fatores de risco na prevenção de eventos CV no diabetes já documentado, justifica estabelecer estratégias que otimizem a identificação e possibilitem intervenções nos pacientes de alto risco, buscando reduzir mortalidade. Resumo em inglês Cardiovascular disease, which includes coronary heart disease (CHD), cerebrovascular disease (CVD), and peripheral vascular disease (PVD), is the leading cause of mortality in populations, particularly in the diabetic one. Individuals with diabetes have at least a two-fold to four-fold increased risk of having cardiovascular events and a double risk of death compared with age-matched subjects without diabetes. A decline in mortality from CVD has been shown, but decline du (mais) e to CHD is consistently lower in individuals with diabetes when compared with non-diabetics. The presence of several factors in diabetes leads to high occurrence of CVD such as hyperglicemia, insulin resistance, and classical and non-classical risk factors (systemic hypertension, dyslipidemia, obesity, proinflammatory condition and others). It is possible that the atherogenic role of obesity may be at least in part due to increased adipocyte production of cytokines. Considering the marked association of diabetes and CVD and unfavorable prognosis following an event, it is important to identify who is at high risk and how to screen. The American Heart Association and American Diabetes Association recommend risk stratification using diagnostic tests. However, the challenge is to accurately identify patients without a prior history of an event and those without symptoms strongly suggesting CVD, in whom additional testing would be indicated in order to achieve the most effective prevention. The benefits of glycemic control and the other risk factors have already been shown and justify optimization of the management of this high-risk population, aiming to reduce cardiovascular mortality disease and improve quality of life.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

78

Riscos cardiovasculares do bloqueio androgênico/ Cardiovascular risks of androgen deprivation therapy/ Riesgos cardiovasculares del bloqueo androgénico

Ribeiro, Adriano Freitas; Camara, César; Segre, Carlos Alexandre; Srougi, Miguel; Serrano Jr, Carlos V.
2010-09-01

Resumo em português O adenocarcinoma de próstata é o câncer mais comum no sexo masculino após o câncer de pele. Entre as várias formas de tratamento do câncer de próstata, a terapia de bloqueio androgênico é uma modalidade consagrada nos pacientes com doença metastática ou localmente avançada, que provavelmente resulta em aumento de sobrevida. No entanto, o bloqueio androgênico é causador de uma série de consequências adversas. Complicações como osteoporose, disfunção se (mais) xual, ginecomastia, anemia e alterações na composição corporal são bem conhecidas. Recentemente, uma série de complicações metabólicas foi descrita como aumento da circunferência abdominal, resistência à insulina, hiperglicemia, diabete, dislipidemia e síndrome metabólica com consequente aumento do risco de eventos coronarianos e mortalidade cardiovascular nessa população específica. Este artigo de atualização apresenta uma revisão bibliográfica realizada no MEDLINE de toda literatura publicada em inglês no período de 1966 até junho de 2009, com as seguintes palavras-chave: androgen deprivation therapy, androgen supression therapy, hormone treatment, prostate cancer, metabolic syndrome e cardiovascular disease, no intuito de analisar quais seriam os reais riscos cardiovasculares da terapia de deprivação androgênica, também chamada bloqueio androgênico, nos pacientes com câncer de próstata. Resumo em espanhol El adenocarcinoma de próstata es el cáncer más común en el sexo masculino después del cáncer de piel. Entre las varias formas de tratamiento del cáncer de próstata, la terapia de bloqueo androgénico es una modalidad consagrada en los pacientes con enfermedad metastásica o localmente avanzada, que probablemente resulta en aumento de sobrevida. Mientras tanto, el bloqueo androgénico es causante de una serie de consecuencias adversas. Complicaciones como osteoporo (mais) sis, disfunción sexual, ginecomastia, anemia y alteraciones en la composición corporal son bien conocidas. Recientemente, una serie de complicaciones metabólicas fue descripta como aumento de la circunferencia abdominal, resistencia a la insulina, hiperglicemia, diabetes, dislipidemia y síndrome metabólico con consecuente aumento del riesgo de eventos coronarios y mortalidad cardiovascular en esa población específica. Este artículo de actualización presenta una revisión bibliográfica realizada en el MEDLINE de toda literatura publicada en inglés en el período de 1966 hasta junio de 2009, con las siguientes palabras-clave: androgen deprivation therapy, androgen supression therapy, hormone treatment, prostate cancer, metabolic syndrome y cardiovascular disease, con el propósito de analizar cuales serían los reales riesgos cardiovasculares de la terapia de deprivación androgénica, también llamada bloqueo androgénico, en los pacientes con cáncer de próstata. Resumo em inglês Prostate adenocarcinoma is the most common cancer type in the male sex after skin cancer. Among the several types of treatment for prostate cancer, the androgen deprivation therapy has been highly recommended in patients with metastatic or locally advanced disease, which probably results in increased survival. However, the androgen deprivation is the cause of several adverse effects. Complications such as osteoporosis, sexual dysfunction, gynecomastia, anemia and body com (mais) position alterations are well-known effects of the therapy. Recently, a number of metabolic complications have been described, such as increase in the abdominal circumference, insulin resistance, hyperglycemia, diabetes, dyslipidemia and metabolic syndrome, with a consequent increase in the risk of coronary events and cardiovascular mortality in this specific population. This update article presents a literature review carried out at MEDLINE database of all literature published in English from 1966 to June 2009, using the following key words: androgen deprivation therapy, androgen suppression therapy, hormone treatment, prostate cancer, metabolic syndrome and cardiovascular disease, with the objective of analyzing which would be the actual cardiovascular risks of androgen deprivation therapy, also called androgen suppression, in patients with prostate cancer.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

79

Diagnóstico como nome próprio/ Diagnostic as first name

Baroni, Daiana Paula Milani; Vargas, Rômulo Fabiano Silva; Caponi, Sandra Noemi
2010-04-01

Resumo em português Este artigo apresenta reflexões dentro do campo da saúde mental, considerada aqui enquanto produção histórica correlata ao surgimento da psiquiatria e do seu objeto, a doença mental. O intuito é o de problematizar, junto à emergência deste saber sobre o sujeito que dita modos de vida, a identificação com o nome de um diagnóstico e demais questões que perpassam a temática da medicalização, a fim de introduzir a discussão da saúde mental em uma perspectiva (mais) crítica. Pensar sobre as possibilidades de produção de outros nomes para o sujeito, de novas formas de subjetividade, requer a busca por pontos onde resistências se apresentem, onde novas práticas de si referentes ao corpo e à saúde possam conduzir a novos nomes para a saúde. Resumo em inglês This article presents some reflections on mental health, considered in this context as historical production in correlation with the emergence of psychiatry and its object - mental disease. It intends to discuss, along with the emergence of this knowledge that creates forms of life to the subject, the process of identification with a diagnostic name and other questions that pass through the thematic of medicalization, introducing the mental health's discussion in a critic (mais) al perspective. To think about the production of other names to the subject, new kinds of subjectivities, requires searching for points of resistance, where new practices of oneself in reference to the body and health can conduce to new names for health.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

80

T-cell phenotype and inflammation in chronic kidney disease patients under haemodialysis and its relationship to resistance to rhEPO therapy

Faria, Maria; Costa, Elísio; Lima, Margarida; Moura-Alves, João; Rocha, Susana; Rocha-Pereira, Petronila; Castro, Elisabeth

DRIVER (Portuguese)

81

Sensibilidade antimicrobiana de amostras de Escherichia coli isoladas de leitões com diarréia após o desmame

Brito, Benito Guimarães de; Tagliari, Kelly Cristina
2000-01-01

Resumo em inglês The main infectious agent responsible by post-weaning diarrhoea in piglets is the Escherichia coli and the therapy by drugs is used for control of this disease. The antimicrobial sensitivity of 66 strains of Escherichia coli isolated from piglets with post-weaning diarrhoea was studied. The results show high resistance at four drugs (streptomycin, sulfonamide, tetracycline and chloramphenicol). Gentamycin and neomycin were the best antimicrobial in the inhibition of strains of Escherichia coli, isolated from piglets with post-weaning diarrhoea, in the southwest of Paraná.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

82

Seleção de porta-enxertos resistentes ao cancro da haste e seus efeitos na produtividade de melão 'Bônus nº 2'/ Rootstocks seletion to grummy stem blight resistance and their effect on the yield of melon 'Bonus nº 2'

Ito, Letícia Akemi; Charlo, Hamilton César de Oliveira; Castoldi, Renata; Braz, Leila Trevizan; Camargo, Margarete
2009-03-01

Resumo em português A utilização de porta-enxertos resistentes a condições adversas é uma alternativa no controle de doenças, e a enxertia tem-se destacado no controle de patógenos habitantes de solo de diversas frutas e olerícolas. Diante disto, o presente trabalho teve por objetivos selecionar porta-enxertos resistentes ao cancro da haste e avaliar seus efeitos na produtividade de melão-rendilhado. Para a seleção de genótipos resistentes à Didymella bryoniae, foram utilizados (mais) 17 genótipos de cucurbitáceas. Dentre estes, apenas Melancia- Charleston-Gray e Melão-Redondo-Amarelo foram suscetíveis ao patógeno. Para efeitos da produtividade, foram enxertados sobre os genótipos resistentes, melão-rendilhado 'Bônus nº 2'. O porta-enxerto Benincasa hispida é o mais indicado para melão- rendilhado. Resumo em inglês The utilization of resistant rootstocks to adverse conditions is an alternative on disease control and the grafting has been detached on the soil pathogen inhabitant control of many fruits and vegetables. The objective of the present research was the selection of resistantes rootstocks to gummy stem blight and evaluates their effects on production of lancewok melon. For the selection of resistance genotypes to D. bryoniae, was utilized 17 cucurbits genotypes. Only the roo (mais) tstocks: Watermelon Charleston Gray and Round Melon Yellow showed susceptible to the pathogen. For the production effects, was grafted under resistance genotypes, 'Bonus nº 2'. The Benicia hispid rootstock is the most indicated to melon.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

83

Segurança e eficácia do treinamento físico na insuficiência renal crônica/ Safety and accuracy of physical training in chronic renal insufficiency

Najas, Cláudio Spínola; Pissulin, Flávio Danilo Mungo; Pacagnelli, Francis Lopes; Betônico, Gustavo Navarro; Almeida, Igor Costa; Neder, José Alberto
2009-10-01

Resumo em português A doença renal crônica acarreta alterações em todos os sistemas corporais. Os pacientes cursam com marcada redução do condicionamento cardiorrespiratório, alterações musculares, reduzida performance física e pior qualidade de vida. A atividade física tem sido cada vez mais utilizada como forma de tratamento para essa população. Programas de treinamento físico aeróbio e/ou resistidos de moderada ou baixa intensidade no período interdialítico e durante a he (mais) modiálise têm sido utilizados. Entretanto, os benefícios dessas intervenções no doente renal crônico, a escolha mais apropriada do tipo de treinamento e a segurança da aplicabilidade de atividades específicas não estão bem esclarecidos. Esta revisão tem como objetivo abordar os aspectos relacionados com o tipo de treinamento, período em que este é realizado, assim como os possíveis benefícios que o treinamento físico pode induzir nessa população. Resumo em inglês Chronic renal disease has consequences on several physiological systems. Patients present decrease on cardiorespiratory capability, muscular changes, reduced physical performance and worse quality of life. Physical activity has been increasingly used as therapy for these patients, including training programs with aerobic and resistance exercises of low to moderate intensity in the interdialytic period and during hemodialysis. However, the benefits of physical exercise the (mais) rapy to chronic renal patients, the choice of better training programs and the applicability safety of specific exercises are not clear yet. Thus, this review has the objective to discuss the aspects concerned with the type of training, better period to perform it and the relevance of their benefits to patients.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

84

Quimioterapia da doença de Chagas: estado da arte e perspectivas no desenvolvimento de novos fármacos/ Chemotherapy of Chagas' disease: state of the art and perspectives for the development of new drugs

Dias, Luiz C.; Dessoy, Marco A.; Silva, Jean Jerley N.; Thiemann, Otavio H.; Oliva, Glaucius; Andricopulo, Adriano D.
2009-01-01

Resumo em inglês Neglected diseases are a major global cause of illness, long-term disability and death. Chagas' disease is a parasitic infection widely distributed throughout Latin America, with devastating consequences in terms of human morbidity and mortality. The existing drug therapy suffers from a combination of drawbacks including poor efficacy, resistance and serious side effects. In 2009, we celebrate the 100th anniversary of the discovery of Chagas' disease, facing the challenge (mais) s of developing new, safe and effective drugs for the treatment of this disease. This brief review attempts to highlight the state of the art, limitations and perspectives of Chagas' disease drug development.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

85

Perfil fenotípico de linfócitos periféricos de bovinos de raças européias/ Phenotypic profile of peripheral blood lymphocytes from European bovines

Bittar, J.F.F.; Ribeiro, M.F.B.; Marciano, A.P.V.; Salcedo, J.H.P.; Martins-Filho, O.A.
2004-02-01

Resumo em inglês The phenotypic profile of bovine lymphocytes was evaluated in 18 bovines (Bos taurus) from three different breeds, being nine Holstein, six Hereford, and three Brown Swiss. All animals were free from ticks and hemoparasites, as determined after jugular vein blood sampling. The immunophenotypes of peripheral lymphocytes were evaluated by flow cytometry. Peripheral lymphocytes were exposed to bovine fluorescein-labeled monoclonal antibodies including anti-CD4, anti-CD8, and (mais) anti-purified bovine CD21 specificities. After lysing the erythrocytes with a commercial lysing solution (FACS TM ), the lymphocytes were washed, fixed, and evaluated by flow cytometry. Significant differences in the phenotypic profiles of peripheral lymphocytes among all breeds were found. Holstein animals showed a lower percentage of total T lymphocytes (CD4 and CD8) and higher percentage of B lymphocytes (CD21). In addition, the lymphocytes from Holstein animals showed a lower T/B ratio than the lymphocytes from Hereford animals. These results suggest the existence of different phenotypic profiles of peripheral lymphocytes from European breeds of cattle. Such differences may be related to the different pattern of immune response described for these breeds in the literature and may account to varying disease resistance among breeds.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

86

Parâmetros genéticos da resistência ao complexo da queima-das-folhas em populações de cenoura/ Genetic parameters of the resistance to the leaf blight disease complex in carrot populations

Silva, Giovani O; Vieira, Jairo V; Vilela, Michelli S; Reis, Ailton; Boiteux, Leonardo S
2009-09-01

Resumo em português Os parâmetros genéticos vinculados ao complexo de patógenos causadores da queima-das-folhas de cenoura foram determinados utilizando famílias de meio-irmãos oriundas de populações do grupo varietal 'Brasília'. Ainda, verificou-se quais populações eram capazes de proporcionar maior ganho para este caráter. O experimento foi conduzido em Brasília entre novembro/06 e fevereiro/07. Foram avaliadas cinco populações em fase final de melhoramento (processamento 1 ( (mais) P1), processamento 2 (P2), mesa 3 (M3), mesa 4 (M4) e mesa 5 (M5), utilizando delineamento em blocos ao acaso com duas repetições (parcelas de 2 m²). A avaliação da severidade da queima-das-folhas foi feita aos 90 dias após semeio e os dados foram submetidos à análise de variância para estimar os parâmetros genéticos e o ganho direto esperado com a seleção. O caráter resistência à queima-das-folhas apresentou-se significativo em diferenciar as populações. A população P1 mostrou os maiores valores dos parâmetros genéticos e ganhos esperados com a seleção, ao passo que a população M3 mostrou-se a menos promissora na obtenção de ganhos para níveis mais elevados de resistência. Os valores da relação entre os coeficientes de variação genética e ambiental e de herdabilidade foram baixos. Estes dados podem ser explicados pela ausência de variabilidade genética nas populações, mas também podem indicar a necessidade de um maior refinamento nos processos de avaliação e de inoculação em condições de campo, de forma a garantir o estabelecimento de epidemias mais uniformes da queima-das-folhas nas parcelas experimentais. Resumo em inglês The genetic parameters associated with resistance to the carrot leaf blight disease complex were evaluated using half-sib families derived from the varietal group 'Brasília'. We also evaluated which populations would provide larger gains for this character. Field assay was carried out in Brasília during the summer season (from November 2006 to February 2007). Five advanced breeding populations (processing 1 (P1), processing 2 (P2), table 3 (M3), table 4 (M4) and table 5 (mais) (M5), were evaluated using an experimental design of completely randomized block with two replicates. The total area per plot was of 2 m². Evaluation for leaf blight symptom severity was done 90 days after sowing. ANOVA was used to estimate genetic parameters and the genetic gain from selection. Leaf blight resistance levels were significant and allowed the discrimination of the populations under evaluation. According to the genetic parameters and the expected gains with selection, the population P1 was the most and M3 was the less promising genetic material aiming to improve leaf blight resistance levels in Brasília-type carrots. The values of the relationship among the genetic and environmental variation coefficients and heritability were low. Apparently, genetic variability for leaf blight resistance in the populations under study is already depleted. On the other hand, it might also indicate the need for refinement in both the evaluation system as well as in the inoculation technique, which are crucial to allow uniform epidemics of the leaf blight complex across field plots.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

87

Murcha de fusário em helicônia: fontes de resistência, método alternativo de detecção e defesa estrutural/ Heliconia’s Fusarium wilt: resistance sources, alternative method of detection and structural mechanisms

Castro, Neilza Reis; Coêlho, Rildo Sartori Barbosa; Laranjeira, Delson; Pimentel, Rejane Magalhães de Mendonça; Ferreira, Clébio Pereira
2010-03-01

Resumo em português O cultivo das helicônias vem sendo afetado pela murcha, causada por Fusarium oxysporum f.sp. cubense. Este trabalho objetivou identificar fontes de resistência, verificar a detecção da resistência através de método alternativo e avaliar a lignificação como mecanismo de defesa do hospedeiro ao patógeno. As espécies utilizadas na identificação de resistência foram Heliconia bihai, H. psittacorum cvs. Golden Torch e Golden Torch Adrian, H. rostrata, H. stricta (mais) cvs. Capri e Fire Bird, H. psittacorum cvs. Sassy e Alan Carle, H. caribea, H. latispatha, H. wagneriana e H. chartacea cv. Sexy Pink. A avaliação dos sintomas foi realizada aos 40 dias após a inoculação baseada em escala de notas variando de 1 a 6. As espécies consideradas resistentes foram H. bihai, H. psittacorum cvs. Golden Torch e Golden Torch Adrian, H. rostrata, H. stricta cv. Capri, H. psittacorum cv. Sassy e H. caribea. O método alternativo de detecção de resistência consistiu na utilização de filtrado fúngico obtido a partir do cultivo em meio Czapek, utilizando várias concentrações do mesmo depositando em folhas destacadas das cultivares resistentes e suscetíveis H. psittacorum cvs. Golden Torch e Alan Carle, respectivamente. A avaliação foi feita após 48 horas de incubação, onde a concentração em 50% do filtrado foi a mais eficiente na distinção da resistência. O mecanismo estrutural foi observado em secções histológicas nas raízes das espécies utilizadas no estudo de resistência, inoculadas com o método de injeção e não inoculadas, que permitiram verificar a ausência de relação entre a resistência e a lignificação. Resumo em inglês Heliconia grown as a crop has been affected by wilt, caused by Fusarium oxysporum f.sp. cubense. This work aimed to identify genetic resistances sources, to evaluated the detection of resistance with an alternative method and to verify the effects of structural mechanisms in pathogen resistance. The genotypes evaluated were Heliconia bihai, H. psittacorum cv. Golden Torch, H. psittacorum cv. Golden Torch Adrian, H. rostrata, H. stricta Capri, H. psittacorum cv. Sassy, H. (mais) caribea, H. latispatha, H. wagneriana, H. psittacorum cv. Alan Carle, H. stricta cv. Fire Bird and H. chartacea cv. Sexy Pink. These genotypes were inoculated with a F. oxysporum f.sp. cubense isolate and the symptoms were evaluated 40 days after inoculation, based on an disease rating scale ranging from 1 to 6. The genotypes considered resistant were H. bihai, H. psittacorum cvs. Golden Torch and Golden Torch Adrian, H. rostrata, H. stricta cv. Capri, H. psittacorum cv. Sassy and H. caribea. The alternative method for resistance detection consisted in the utilization of fungal filtrades obtained after cultivation in Czapek medium. Several concentrations of filtrates were evaluated on detached of H. psittacorum cvs. Golden Torch (resistant) and Alan Carle (susceptible) cultivars. The evaluation was carried out at 48 hours of incubation, and the filtrate with concentration of 50% was the more efficient for distinction of resistance. Structural resistance mechanism was analyzed in histological sections in roots of the species inoculated and non inoculated utilized in resistance study. It was possible to verify the absence of relation of resistance in the lignification of root cells.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

88

Melhoramento para resistência parcial a moléstias fúngicas em cereais/ Breeding for partial resistance to fungal diseases in cereals

Thomé, Gladis Cleci Hermes; Milach, Sandra Cristina Kothe; Cruz, Renata Pereira da; Federizzi, Luiz Carlos
1999-06-01

Resumo em português A resistência parcial é uma estratégia promissora para ser utilizada pelos melhoristas de plantas na tentativa de aumentar a eficiência no lançamento de cultivares com resistência durável. O objetivo deste artigo é o de discutir os principais aspectos da utilização prática desse tipo de resistência em programas de melhoramento de cereais. As formas de avaliação da resistência parcial, as dificuldades de selecionar esta característica e a durabilidade deste (mais) tipo de resistência são discutidas. Alternativas para utilização da resistência parcial em programas de melhoramento são apresentadas e representam, hoje, uma estratégia importante no desenvolvimento de genótipos com maior estabilidade de desempenho frente aos ambientes variáveis e propícios à ocorrência de moléstias fúngicas em cereais. Resumo em inglês Partial resistance is a promising strategy to be used by plant breeders in an attempt to increase the efficiency in producing cultivars with durable resistance. The objective of this paper is to discuss the utilization of this type of resistance in cereal breeding programs. Aspects as mode of evaluation, difficulties in selecting for and the durability of partial resistance are discussed. Alternatives to use partial resistance in breeding programs are presented and they r (mais) epresent an important strategy to develop genotypes with more stable performance in environments suitable for fungus disease development.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

89

Marcadores microssatélites relacionados com a resistência à vassoura-de-bruxa do cacaueiro/ Microsatellite markers related to resistance of cocoa tree against witches'-broom

Santos, Rogério Mercês Ferreira; Lopes, Uilson Vanderlei; Bahia, Rita de Cássia; Machado, Regina Celle Rebouças; Ahnert, Dário; Corrêa, Ronan Xavier
2007-08-01

Resumo em português Os objetivos deste trabalho foram caracterizar a resistência à vassoura-de-bruxa de plantas de cacau originadas do cruzamento entre TSH 1188 e CCN 51 (população segregante), por meio de dois métodos de inoculação em condições de campo, e identificar marcadores microssatélites específicos para grupos de plantas resistentes e suscetíveis. As plantas-controle avaliadas pelos métodos de inoculação natural e inoculação artificial em campo produziram os mesmos (mais) padrões de sintomas. As plantas da população segregante também coincidiram os padrões de sintomas em 90%, por esses dois métodos. O método de inoculação artificial em campo permite detectar falso-resistentes. Dos 18 pares de primers microssatélites amplificados, 15 foram polimórficos entre os genitores, e seis entre os grupos de plantas segregantes contrastantes quanto à resistência à vassoura-de-bruxa. Foram confirmadas três marcas previamente associadas a QTL (locos para características quantitativas) relacionados com a resistência à vassoura-de-bruxa, comuns a outras populações. Também foram identificados três novos QTL para esta característica, típicos desta população, o que comprova sua utilidade para o melhoramento genético do cacaueiro. Resumo em inglês The objectives of this work were to evaluate cocoa tree resistance against witches'-broom, in plants originated from the crossing between TSH 1188 and CCN 51 (segregating population), by means of two methods of inoculation in field conditions, and to identify microsatellite markers specific for resistant and susceptible plants. The control plants bore identical symptoms as the plants of the segregating population in 90% of the cases under the two methods. The method of ar (mais) tificial inoculation in the field allows the detection of false resistance to the disease. Of the 18 pairs of microsatellite primers amplified, 15 were polymorphic between genitors and six were polymorphic between the two groups of plants evaluated for resistance to witches'-broom. Three previously characterized markers were confirmed as associated to QTL (quantitative trait loci) related to resistance to the witches'-broom, which is common in other populations. Three new QTL for this characteristic, typical of this population, were also identified, which proves the utility of this population for cocoa breeding.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

90

Herança de resistência à Colletotrichum gossypii var. cephalosporioides em algodoeiro brasileiro/ Inheritance of resistance to Colletotrichum gossypii var. cephalosporioides in Brazilian cotton

Zandoná, Carla; Novaes, Tanara G.; Mehta, Yeshwant R.; Schuster, Ivan; Teixeira, Eliria A.; Cunha, Hélio
2006-02-01

Resumo em português A ramulose do algodoeiro (Gossypium hirsutum) causada por Colletotrichum gossypii var. cephalosporioides é responsável por danos apreciáveis no rendimento de algodão. O patógeno ataca toda a parte aérea das plantas provocando manchas nas folhas e no colmo, e superbrotamento da planta. Plantas severamente infetadas normalmente mostram nanismo. Devido a carência de informação sobre o mecanismo de resistência, o processo de produção de novas cultivares com resist (mais) ência a ramulose é algo prejudicado. O objetivo do presente trabalho foi compreender o mecanismo de herança a ramulose em duas cultivares resistentes (BRS ANTARES e IAC 23) quando cruzadas com uma cultivar suscetível (STO 474). As avaliações das populações F2 e das populações de retrocruzamento demonstraram em BRS ANTARES que a resistência a ramulose é condicionada por um gene dominante, enquanto que em IAC 23 a resistência é governada por dois genes dominantes independentes, e de efeito duplicado. Resumo em inglês Ramulosis of cotton (Gossypium hirsutum) caused by Colletotrichum gossypii var. cephalosporioides is responsible for appreciable yield losses of cotton. The pathogen attacks all above ground plant parts basically provokes two kinds of symptoms: leaf and stem spots, and excessive sprouting. Severely infected plants are normally stunted. The process of breeding for resistance against this disease is hampered due to a lack of information about the mechanism of resistance. Th (mais) e objective of the present investigation was to understand the inheritance of resistance in two resistant cotton cultivars (BRS ANTARES and IAC 23) when crossed with one susceptible cultivar (STO 478). Evaluation of the segregating F2 and the backcross populations in cv. BRS ANTARES demonstrated that resistance to ramulosis is governed by one dominant gene, whereas in cv. IAC 23 the resistance is governed by two dominant independent genes with duplicated effect.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

91

Herança da resistência à ferrugem da folha da aveia (Puccinia coronata f. sp. avenae Fraser & Led.) em genótipos brasileiros de aveia branca/ Inheritance of oat leaf rust (Puccinia coronata f. sp. avenae Fraser & Led.) resistance in white oat brazilian genotypes

Vieira, Eduardo Alano; Carvalho, Fernando Irajá Félix de; Chaves, Márcia Soares; Oliveira, Antonio Costa de; Silva, José Antônio Gonzalez da; Bertan, Ivandro; Schmidt, Douglas André Mallman; Ribeiro, Guilherme; Finatto, Taciane; Silveira, Gustavo da
2006-02-01

Resumo em português A ferrugem da folha da aveia é a moléstia mais importante que ataca a cultura da aveia, ocorrendo em praticamente todas as áreas em que a aveia é cultivada. A forma mais indicada para o seu controle é a utilização de cultivares resistentes. Contudo, para que seja alcançada a resistência durável ao patógeno, é necessário que se conheça a genética da resistência à ferrugem da folha em aveia. O objetivo foi determinar a forma de herança da resistência a tr (mais) ês isolados de Puccinia coronata f. sp. avenae Fraser & Led., (coletados no sul do Brasil) em genótipos brasileiros de aveia branca. Para a determinação da herança da resistência a cada um dos três isolados, foram utilizadas populações F2 geradas por meio de cruzamentos artificiais, entre genótipos resistentes (R) e suscetíveis (S) e entre genótipos resistentes (R). Desta forma, foram utilizadas populações F2 dos cruzamentos artificiais entre: i) URPEL 15 (R) x UFRGS 7 (S), UPF 16 (R) x UFRGS 7 (S) e URPEL 15 (R) x UPF 16 (R), para a determinação da herança da resistência ao isolado um (1); ii) URPEL 15 (R) x UFRGS 7 (S), UPF 18 (R) x UFRGS 7 (S) e URPEL 15 (R) x UPF 18 (R), para a determinação da herança da resistência ao isolado dois (2); iii) URPEL 15 (R) x UFRGS 7 (S) e URPEL 15 (R) x UPF 18 (S), para a determinação da herança da resistência ao isolado três (3). Os resultados obtidos evidenciaram que o genótipo URPEL 15 apresenta genes dominantes de resistência aos três isolados de ferrugem da folha da aveia avaliados, que o cultivar UPF 16 apresenta um gene recessivo de resistência ao isolado 1 e o cultivar UPF 18 apresenta um gene recessivo de resistência ao isolado 2. E que os genes de resistência apresentados pelos genótipos URPEL 15, UPF 16 e UPF 18, segregam de forma independente. Resumo em inglês Oat crown rust is the most important disease for the oat crop, occurring in practically all the areas where oat is cultivated. The most indicated form of control for this disease is the use of resistant cultivars. However, for the durable resistance to be acquired, it is necessary to know the genetics of resistance to crown rust in oats. Thus, the objective of this work was to determine the type of inheritance of resistance to three Puccinia coronata f. sp. avenae Fraser (mais) & Led., isolates (collected in southern Brazil) in brazilian white oat genotypes. To determine the inheritance of resistance to each one of three isolates,F2 populations were used generated through artificial crosses, between resistant (R) and susceptible (S) and between resistant genotypes (R). Thus, F2 populations from the following artificial crosses: i) URPEL 15 (R) x UFRGS 7 (S), UPF 16 (R) x UFRGS 7 (S) and URPEL 15 (R) x UPF 16 (R), were used to determine the inheritance of resistance to isolate one (1); ii) URPEL 15 (R) x UFRGS 7 (S), UPF 18 (R) x UFRGS 7 (S) and URPEL 15 (R) x UPF 18 (R), to determine the inheritance of resistance to isolate two (2); iii) URPEL 15 (R) x UFRGS 7 (S) and URPEL 15 (R) x UPF 18 (S), to determine the inheritance of resistance to isolate three (3). The obtained results indicate that the genotype URPEL 15 present dominants genes for resistance to the three oat leaf rust isolates evaluated, the cultivar UPF 16 presents a recessive gene for resistance to isolate 1 and the cultivar UPF 18 has a recessive gene of resistence to isolate 2. Also, the resistance genes presented by genotypes URPEL 15, UPF 16 and UPF 18, segregate in an independent manner.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

92

Efeitos hemodinâmicos e vasculares do treinamento resistido: implicações na doença cardiovascular/ Hemodynamic and vascular effects of resistance training: implications for cardiovascular disease

Umpierre, Daniel; Stein, Ricardo
2007-10-01

Resumo em português O treinamento resistido tem sido proposto como possível estratégia para prevenção e reabilitação cardiovascular, e nesse contexto esta revisão descreve os efeitos cardiovasculares mediados por esse tipo de intervenção. O incremento tanto na força muscular quanto na capacidade para realização de tarefas do dia-a-dia são benefícios bem caracterizados ante esse tipo de treinamento. Mais recentemente, estudos que utilizaram a avaliação hemodinâmica verificara (mais) m estabilidade cardiovascular em pacientes com doença coronariana ou insuficiência cardíaca durante a realização de exercício resistido, sem aparentes prejuízos na função ventricular ou aumento exacerbado na pressão arterial ao exercício. Adicionalmente, a pressão arterial em repouso também parece ser influenciada pelo treinamento resistido crônico, apresentando leve redução tanto para a pressão arterial sistólica (PAS) quanto para a pressão arterial diastólica (PAD). A mensuração dos níveis pressóricos após uma única sessão de exercício resistido demonstra ocorrência da hipotensão pós-exercício em indivíduos normais e hipertensos; contudo, há controvérsias quanto à intensidade de esforço necessária para indução desse efeito. Recentemente, estudos de intervenção têm investigado o exercício resistido sob o prisma vascular, avaliando a complacência arterial, assim como a função endotelial. Apesar dos poucos experimentos disponíveis, evidências têm demonstrado uma potencial influência do treinamento resistido sobre a redução da complacência arterial. Por sua vez, o fluxo sangüíneo periférico apresenta-se aumentado após o treinamento resistido, ao passo que a função endotelial parece melhorada especialmente após o treinamento combinado. Pesquisas adicionais são necessárias para análise da eficácia dessa intervenção sobre desfechos validados, e para aprofundamento de mecanismos fisiológicos responsáveis pelas adaptações vasculares. Resumo em inglês Resistance training has been proposed as a possible strategy for cardiovascular prevention and rehabilitation, and in this context, this review describes the cardiovascular effects mediated by this type of intervention. Increments in both muscular strength and capacity to perform daily tasks are well-characterized benefits of this type of training. More recently, studies using hemodynamic evaluation have shown cardiovascular stability in patients with coronary disease or (mais) heart failure during the performance of resistance exercise, with no apparent detriment to ventricular function or exacerbated increase in exercise blood pressure. Additionally, resting blood pressure also seems to be influenced by chronic resistance training, with a slight reduction in both systolic blood pressure (SBP) and diastolic blood pressure (DBP). The measurement of pressure levels after a single resistance exercise session shows the occurrence of post-exercise hypotension in normal and hypertensive individuals; however, there is controversy as to the intensity of the effort necessary to induce this effect. Recently, intervention studies have investigated resistance exercise effects on vascular variables as arterial compliance and endothelial function. Despite the small number of experiments available, evidence has shown a potential influence of resistance training on the reduction of arterial compliance. On the other hand, peripheral blood flow is increased after resistance training, whereas the endothelial function seems to be improved especially after combined aerobic and resistance training. Additional research is necessary for an analysis of the efficacy of this intervention on validated outcomes, and for a greater understanding of the physiological mechanisms responsible for vascular adaptations.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

93

Efeitos do treinamento resistido sobre variáveis relacionadas com a baixa densidade óssea de mulheres menopausadas tratadas com alendronato/ Effects of resistance training on low bone density-related variables in menopausal women taking alendronate

Borba-Pinheiro, Cláudio Joaquim; Carvalho, Mauro César Gurgel de Alencar; Silva, Nádia Souza Lima da; Bezerra, Jani Cléria Pereira; Drigo, Alexandre Janotta; Dantas, Estélio Henrique Martin
2010-04-01

Resumo em português A osteoporose é uma doença crônica que atinge o esqueleto humano. OBJETIVO: Verificar os efeitos do treinamento resistido sobre a densidade mineral óssea (DMO), força muscular, equilíbrio e qualidade de vida em mulheres menopausadas em tratamento com alendronato. MÉTODOS: Participaram do estudo 16 voluntárias. Elas foram separadas em dois grupos: que praticaram o treino resistido (n = 9, 49,7 ± 4,2 idade) e que constituíram o grupo controle (n = 7, 53,8 ± 4,4 i (mais) dade). Os instrumentos de avaliação seguintes foram usados: a absorciometria de dupla energia por raios X -DXA (que mediu a coluna lombar L2-L4, colo do fêmur, triângulo de Wards e trocanter maior), o Osteoporosis Assessment Questionnaire (OPAQ) e um teste de equilíbrio. O treinamento foi periodizado em 12 meses, divididos em seis ciclos com intensidade de 70-90% da carga máxima (10RM). Testes paramétricos (t ou Wilcoxon), para análise intragrupo e (Anova) para intergrupos, foram usados. RESULTADOS: Foram encontradas diferenças significativas favoráveis ao grupo que treinou nos sítios da lombar L2-L4 (6,8%, p = 0,001), colo do fêmur (4,8%, p = 0,005) e trocanter (0,76%, p = 0,005). Além de diferenças significativas também para o equilíbrio corporal (21,4%, p = 0,001), qualidade de vida (9,1%, p = 0,001) e todas as medidas de força como na pressão de pernas 45° (49,3%, p Resumo em inglês Osteoporosis is a chronic disease of the human skeleton. OBJECTIVE: To verify the effects of resistance training on bone mineral density (BMD), muscular strength, balance and quality of life in menopausal women taking Alendronate. MATERIALS AND METHODS: Sixteen female volunteers participated in the study. The volunteers were separated into two groups: resistance training participants (n=9; 49.7±4.2 years) and control group (n=7; 53.8±4.4 years). The following evaluation (mais) instruments were used: absorptiometry-DXA (which measured the lumbar spine L2-L4, neck femur, Wards triangle and major trochanter), the Osteoporosis Assessment Questionnaire (OPAQ) and a balance test. The training was applied in 12 months, divided in six cycles with intensity of 70-90% of the maximum load (10RM). Parametric tests for intra-group analysis (t or Wilcoxon) and (Anova) for inter-groups, were used. RESULTS: Significant differences in the resistance training group were found in the bones variables: lumbar L2-L4 (6.8%, p=0.001), neck femur (4.8%, p=0.005) and trochanter (0.76%, p=0.005). In addition, significant differences were also found for body balance (21.4%, p=0.001), quality of life (9.1%, p=0.001) and all muscular strength measurements, such as in leg press 45° (49.3%, p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

94

Desempenho de familias do cruzamento entre linhagens de feijões andinos e mesoamericanos em produtividade e resistência a Phaeoisariopsis griseola/ Performance of common bean families from cross between of andean and mesoamerica lines on grain yield and resistance to Phaeoisariopsis griseola

Bruzi, Adriano Teodoro; Ramalho, Magno Antonio Patto; Abreu, Ângela de Fátima Barbosa
2007-06-01

Resumo em português No Estado de Minas Gerais, tem sido constatado que as raças fisiológicas prevalecentes de Phaeiosariopsis griseola (Sacc.) Ferr. infectam predominantemente os feijões mesoamericanos. Os feijões andinos normalmente apresentam boa resistência. A introdução de alelos de resistência de cultivares andinas em cultivares mesoamericanas é uma boa estratégia na obtenção de cultivares adaptadas e resistentes a esse patógeno. Com esse objetivo foi realizado o cruzamento (mais) entre a linhagem ESAL 550 (grupo andino e resistente à mancha angular) x Carioca-MG (grupo mesoamericano e suscetível à mancha angular). Após a avaliação das famílias segregantes nas gerações F2:3, F2:4 e F2:5, foram selecionadas linhagens que associavam bom nível de resistência à P. griseola e grãos creme com rajas marrons porém, nenhum deles em condições de ter aceitação comercial. Resumo em inglês In some regions of Minas Gerais State, prevalent physiological races of Phaeoisariopsis griseola (Sacc.) Ferr. infect mainly cultivars of Mesoamerican origin, but the Andean cultivars are resistant. The introduction of alleles for resistance of Andean cultivars in Mesoamerican cultivars is a good strategy to obtain adapted cultivars with resistance to this disease. With this purpose, the cross between ESAL 550 (Andean group and resistant to angular leaf spot) and Carioca- (mais) MG (Mesoamerican group and susceptible to angular leaf spot) was performed. After evaluation of the segregant families in generations F2:3, F2:4 and F2:5, some lines with high resistance to P. griseola and grain type far from market standard were identified.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

95

Colonização nasofaríngea por Streptococcus pneumoniae em crianças com infecção pelo vírus da imunodeficiência humana/ Nasopharyngeal colonization with Streptococcus pneumoniae in children infected with human immunodeficiency virus

Cardoso, Viviane C.; Cervi, Maria C.; Cintra, Otávio A. L.; Salathiel, Adriana S. M.; Gomes, Ana C. L. F.
2006-02-01

Resumo em português OBJETIVO: Estabelecer a prevalência de colonização pneumocócica em crianças infectadas pelo HIV seguidas ambulatorialmente, com idades entre 0 e 18 anos; determinar a resistência à penicilina, identificar os sorotipos e avaliar se houve associação entre fatores de risco conhecidos e colonização nesse grupo. MATERIAL E MÉTODO: Estudo observacional de corte transversal, no qual foram coletados 112 swabs de nasofaringe das crianças no dia de sua consulta mensal, (mais) sendo aplicado um questionário às mães. O material coletado foi processado no laboratório de microbiologia do hospital, conforme as normas do National Committee for Clinical Laboratory Standards, e a sorotipagem foi realizada no Centers for Disease Control and Prevention. Na análise estatística, foram empregados o teste de qui-quadrado e análises uni e multivariável por meio de regressão logística múltipla. RESULTADOS: A prevalência de colonização nasofaríngea por pneumococo encontrada foi de 28,6%, com 15,6% de resistência à penicilina (6,2% de resistência intermediária e 9,4% de resistência plena). Os sorotipos identificados foram 6A, 6B, 7C, 9V, 11A, 13, 14, 15A, 16F, 18C, 19B, 19F, 23B, 23F e 34. Não houve associação entre colonização pneumocócica e os fatores de riscos estudados para essa população. CONCLUSÕES: A prevalência de colonização pneumocócica entre crianças infectadas pelo HIV em nosso serviço não foi superior àquela descrita na literatura em crianças sadias. Resumo em inglês OBJECTIVE: To determine the prevalence of pneumococcus colonization among HIV-infected outpatients aged 0 to 18 years. To determine the resistance to penicillin of the microorganisms observed, to identify their serotypes, and to determine whether there are associations between known risk factors and colonization in this group. MATERIAL AND METHOD: This was an observational and cross-sectional study in which nasopharynx swabs were collected from 112 children on the occasio (mais) n of their monthly appointments and a questionnaire applied to the mothers. The material collected was processed at the microbiology laboratory of the hospital in accordance with National Committee for Clinical Laboratory Standards (NCCLS) regulations and serotyping was performed at the Centers for Diseases Control and Prevention (CDC). Data were analyzed statistically using the chi-square test and with univariate and multivariate analysis with multiple logistic regression. RESULTS: The prevalence rate of nasopharyngeal colonization by pneumococci was 28.6%, with a 15.6% rate of resistance to penicillin (6.2% intermediate resistance and 9.4% full resistance). The serotypes identified were 6A, 6B, 7C, 9V, 11A, 13, 14, 15A, 16F, 18C, 19B, 19F, 23B, 23F, and 34. In this population there were no associations between pneumococcal colonization and the risk factors studied. CONCLUSIONS: The prevalence of pneumococcal colonization among HIV-infected children at our service was not higher than prevalence rates observed in healthy children and reported in the literature.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

96

Caracterização epidemiológica, molecular e perfil de resistência aos antimicrobianos de Escherichia coli isoladas de criatórios suínos do sul do Brasil/ Epidemiology, molecular characterization and resistance to antimicrobials of Escherichia coli isolated from South-Brazilian pig herds

Costa, Mateus Matiuzzi da; Silva, Mariana Sá e; Spricigo, Denis Augusto; Witt, Niura Mazzini; Marchioro, Silvana Beutinger; Kolling, Lilian; Vargas, Agueda Palmira Castagna de
2006-03-01

Resumo em português A colibacilose é a enfermidade entérica de maior impacto na suinocultura, sendo ocasionada por cepas enterotoxigênicas de Escherichia coli. Quarenta isolados clínicos de suínos com diarréia e 13 isolados ambientais foram analisados quanto ao perfil genotípico, relação genética e resistência antimicrobiana. O gene que codifica para a toxina Stb foi identificado em 50% dos isolados clínicos, seguido por Sta e Lt, com 35%. Dentre os fatores de adesinas pesquisado (mais) s, a F18 foi encontrada em 27,5% das amostras. A técnica de ERIC-PCR utilizada para caracterização epidemiológica dos isolados, não demonstrou poder discriminatório esperado, e apesar de permitir a separação dos isolados em grupos, estes não evidenciaram grupos relacionados aos fatores de virulência. No teste de susceptibilidade antimicrobiana a maior resistência foi observada à tetraciclina, em 88,6%. O índice de resistência múltipla aos antimicrobianos (IRMA), variou entre 0 a 0,69. Resumo em inglês Colibacillosis is an enteric disease with a major impact to the swine industry and is caused by enterotoxigenic strains of Escherichia coli. Forty clinical isolates from pigs with diarrhea and 13 environmental isolates were analysed regarding their genotypic profile, genetic relationship and antibiotic resistance. The most prevalent gene was Stb, identified in 50% of the isolates from clinical cases, and Sta and Lt were detected in 35% of them. Among the adesine factors i (mais) nvestigated, F18 was found in 27.5% of the E. coli strains. The ERIC-PCR technique used for epidemiological characterization of the isolates did not show the expected discriminatory power. However, the test allowed separation of the isolates in groups, but did not evidence groups related to virulence factors. In the susceptibility test, the highest values for resistance were to tetracycline, in 88.6%. The index of multiple resistance to antimicrobials varied from 0 to 0.69.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

97

Avaliação da secreção e resistência insulínica em indivíduos com diferentes graus de tolerância à glicose - do metabolismo normal ao diabetes mellitus/ Insulin resistance and secretion assessment across a range of glucose tolerance from normal individuals through diabetes

Corrêa, Fernanda H.; Nogueira, Verônica G.; Bevilácqua, Maria de Fátima; Gomes, Marília de Brito
2007-12-01

Resumo em português OBJETIVO: Os principais objetivos são determinar a associação entre os parâmetros clínicos e demográficos e os diferentes índices de secreção e resistência insulínica em indivíduos aparentemente saudáveis, sem conhecimento prévio de seu grau de tolerância à glicose. PACIENTES E MÉTODOS: Submetemos ao teste oral de tolerância à glicose (TOTG), no período de fevereiro a agosto de 2003, 105 indivíduos com média de idade de 33,4 ± 1,4 anos, sendo (mais) 57,1% do sexo feminino, subdividindo-os em 4 grupos: grupo 0 (normais): indivíduos com IMC < 25 e metabolismo glicídico normal, grupo 1 (obesos): IMC > 25 e metabolismo glicídico normal, grupo 2 (IFG): glicemia de jejum alterada e grupo 3 (IOG): intolerância oral à glicose. RESULTADOS: Encontramos diferença estatística para todas as variáveis analisadas durante o TOTG dentre os 4 grupos de indivíduos: glicemias de jejum e em 2 horas (p Resumo em inglês AIM AND METHODS: Our main aim was to determine the association between clinical, demographical parameters and different insulin resistance and secretion indices in apparently healthy subjects, without previous knowledge of their own level of glucose tolerance. For that purpose, we evaluated 105 individuals from February to August 2003 by means of OGTT, aged 33.4 ± 1.4 years old, 57.1% female. We allocated them in four groups: group 0 (normal): individuals with BMI (mais) < 25 Kg/m² and normal glucose metabolism, group 1 (obese): BMI > 25 Kg/m² and normal glucose metabolism, group 2 (IFG): impaired fasting glucose and group 3 (IGT): impaired glucose tolerance. RESULTS: We have found statistical difference on all variables during OGTT between all groups: fasting glucose (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

98

Associação do sistema de histocompatibilidade humano com doenças oftalmológicas/ Association of human histocompatibility antigens with ophthalmological disorders

Alves, Crésio; Meyer, Isadora; Toralles, Maria Betânia Pereira; Marback, Roberto Lorens
2006-04-01

Resumo em português Vários estudos têm procurado identificar marcadores genéticos para doenças oftalmológicas. Dentre eles, destaca-se o antígeno de histocompatibilidade humano (Human Leukocyte Antigens). Situado no braço curto do cromossomo 6, o sistema antígeno de histocompatibilidade humano é conhecido por sua capacidade de conferir susceptibilidade ou proteção a diferentes doenças. Em virtude do seu acentuado polimorfismo, o tipo e a força da associação variam a depender d (mais) a enfermidade e da raça (etnia) estudadas. O surgimento de métodos moleculares para tipificação dos alelos antígeno de histocompatibilidade humano e as recentes atualizações de sua nomenclatura têm contribuído para o melhor entendimento desse sistema. O presente trabalho tem por objetivos revisar a estrutura e função do sistema antígeno de histocompatibilidade humano e relatar suas associações com uveíte anterior aguda, penfigóide cicatricial ocular, ceratocone de início na juventude e retinocoroidopatia "birdshot". Resumo em inglês Many studies have been trying to identify genetic markers for opthalmological diseases, including, among others, the HLA (Human Leukocyte Antigens). Localized on the short arm of chromosome 6, the human leukocyte antigen system is well known for its capacity to confer susceptibility or resistance to different diseases. In view of its accentuated polymorphism, the strength and type of association differs with the disease and sometimes, with the studied ethnic-racial group. (mais) The development of molecular methods to typify HLA alleles and recent updates of their nomenclature has contributed to a better understanding of this system. In this review, some aspects of the human leukocyte antigen system are discussed, such as the methods of detection, nomenclature and association with acute anterior uveitis, ocular cicatricial pemphigoid, young-onset keratoconus and birdshot retinochoroidopathy.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

99

Alterações da função pulmonar após tratamento cirúrgico de cardiopatias congênitas com hiperfluxo pulmonar/ Changes in pulmonary function after surgical treatment of congenital heart disease with pulmonary hyperflow

Goraieb, Lilian; Croti, Ulisses Alexandre; Orrico, Suzana Renata Perez; Rincon, Omar Yesid Prieto; Braile, Domingo Marcolino
2008-08-01

Resumo em português FUNDAMENTO: Análise das condições pulmonares dos pacientes no pós-operatório de cirurgia cardíaca pediátrica. OBJETIVO: Avaliar o comportamento da complacência pulmonar e resistência da via aérea nos pacientes portadores de cardiopatias congênitas com hiperfluxo pulmonar, submetidos a tratamento cirúrgico com auxílio de circulação extracorpórea. MÉTODOS: Avaliaram-se, durante a cirurgia, 35 pacientes com medidas de complacência estática e resistência d (mais) a via aérea, em quatro instantes distintos. As medidas pulmonares foram feitas de forma não-invasiva, com o método de oclusão da via aérea ao final da inspiração e uso de fórmulas matemáticas específicas. As variáveis observadas e relacionadas às alterações pulmonares foram: no período pré-operatório, idade, peso e relação entre fluxo sangüíneo sistêmico e pulmonar; no intra-operatório, tempos de perfusão, de anóxia e temperatura mínima; no pós-operatório, tempo de ventilação mecânica e de permanência na unidade de terapia intensiva. RESULTADOS: Ao final da cirurgia, a complacência pulmonar mostrou aumento significativo imediato (p Resumo em inglês BACKGROUND: Analysis of pulmonary status of pediatric patients in the postoperative phase of cardiac surgery. OBJECTIVE: To assess pulmonary compliance and airway resistance in patients with congenital heart disease and pulmonary hyperflow submitted to surgical treatment with the use of extracorporeal circulation. METHODS: Thirty-five patients were evaluated during surgery with measurements of static compliance and airway resistance at four different timepoints. Pulmonary (mais) measurements were performed non-invasively using end-inspiratory airway occlusion and specific mathematical formulas. The variables examined and related to pulmonary changes were: preoperative - age, weight, and relationship between systemic and pulmonary blood flow; intraoperative - perfusion times, anoxia times and minimum temperature; postoperative - time on mechanical ventilation and length of stay in the intensive care unit. RESULTS: Pulmonary compliance in all patients had an immediate and significant increase (P

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

100

Resistência quantitativa à ferrugem da folha em genótipos de aveia branca: II - Avaliação de componentes de resistência/ Quantitative resistance to crown rust in white oat genotypes: II - Evaluation of resistance components

Chaves, Márcia S; Martinelli, José A; Federizzi, Luiz C
2004-02-01

Resumo em português A utilização da resistência quantitativa como forma de controle da ferrugem da folha da aveia (Avena sativa) pode ser uma alternativa viável, visto que há reação diferenciada entre genótipos em condições de campo, a qual apresenta grande espectro de variação. O progresso lento da moléstia observado a campo é o resultado dos efeitos combinados de componentes de resistência como baixa eficiência de infecção, período de latência longo, baixa produção de (mais) esporos por pústula e pequeno tamanho de pústulas. Este trabalho foi realizado durante os anos de 1999 e 2000, e teve por objetivo quantificar os componentes de resistência acima citados em 31 genótipos de aveia branca. A reação destes genótipos foi avaliada a campo, durante os anos de 1996 a 2000, os quais foram classificados em quatro grupos. A avaliação dos componentes de resistência foi realizada em plântulas e plantas adultas mantidas em condições controladas, sendo que os dois últimos componentes também foram quantificados em folhas coletadas nos ensaios de campo. Os genótipos apresentaram variabilidade para todas as características avaliadas, exceto para o período de latência em plântulas, sendo que aqueles classificados como resistentes no campo apresentaram a melhor combinação de componentes desejáveis. Resumo em inglês The use of quantitative resistance as a form to control oat (Avena sativa) crown rust can be a viable alternative, once there is differentiated reaction among oat genotypes in field, which shows great variation. The slow disease progress observed in the field is the result of combined effects of resistance components as low infection efficiency, longer latent period, low number of spores per pustule and little pustules size. This work was accomplished in 1999 and 2000, an (mais) d its objective was to quantify the resistance components above mentioned in 31 white oat genotypes. The reaction of these genotypes was evaluated in the field, from 1996 to 2000, and they were classified in four groups. Evaluation of resistance components was accomplished in seedlings and adult plants maintained in controlled conditions, and the last two components were also quantified in leaves collected in the field trials. Genotypes showed variability for all measured characteristics, except for latent period in seedlings, and those genotypes classified as resistant in the field presented the best combination of desirable components.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

101

Doença granulomatosa crônica autossômica: relato de caso e análise genético-molecular de dois irmãos brasileiros/ Autosomal chronic granulomatous disease: case report and mutation analysis of two Brazilian siblings

Prando-Andrade, Carolina; Agudelo-Florez, Piedad; Lopez, Juan A.; Paiva, Maria Aparecida de Souza; Costa-Carvalho, Beatriz T.; Condino-Neto, Antonio
2004-01-01

Resumo em português OBJETIVO: Relatar dois casos de irmãos com doença granulomatosa crônica. A doença granulomatosa crônica é uma imunodeficiência primária caracterizada por atividade microbicida deficiente. Mutações no gene que codifica a proteína p47-phox (NCF-1) estão presentes em 30% dos casos de doença granulomatosa crônica. Essa forma da doença é de herança autossômica recessiva e resulta em fenótipo de evolução mais benigno e início tardio em relação à forma l (mais) igada ao X, que corresponde a 56% dos casos. DESCRIÇÃO: Caso 1 - paciente feminina, iniciou infecções de repetição aos 10 anos, com impetigo, seguido de pneumonia grave 6 meses após. A gravidade da infecção pulmonar associada a abscesso hepático e sua refratariedade ao tratamento demandaram investigação laboratorial para imunodeficiência, com teste do nitroblue tetrazolium e dosagem de ânion superóxido compatíveis com doença granulomatosa crônica. A avaliação dos familiares confirmou o mesmo diagnóstico em seu irmão (Caso 2), que também iniciou infecções de repetição com impetigo aos 10 anos e pneumonia 6 meses após, porém tratada com sucesso ambulatorialmente. A análise de polimorfismo conformacional de cadeia simples revelou alteração da mobilidade eletroforética do éxon 2 do gene NCF-1. Identificou-se uma deleção dos nucleotídeos GT no éxon 2 por seqüenciamento do DNA. COMENTÁRIOS: Este estudo mostra a importância da avaliação de familiares, mesmo quando não apresentam história clínica típica de doença granulomatosa crônica. A identificação da mutação e sua correlação com o fenótipo dos pacientes é importante para estabelecer o prognóstico e o aconselhamento genético. Resumo em inglês OBJECTIVE: To report the case of two siblings with chronic granulomatous disease. Chronic granulomatous disease is a primary immunodeficiency disorder characterized by abnormal microbicidal activity. Mutations in the p47-phox gene (NCF-1) are present in about 30% of the patients with chronic granulomatous disease; this group presents a better prognosis and later onset of recurrent infections as compared with the X-linked variant, present in about 56% of patients. DESCRIPT (mais) ION: Case 1 is a female presenting repeat infections since age 10, starting with impetigo followed by severe pneumonia six months later. The severity of the lung infection associated with liver abscess and the patient's resistance to treatment prompted laboratory investigation for immunodeficiency. The results of the nitroblue tetrazolium and superoxide release tests were consistent with a diagnosis of chronic granulomatous disease. The parents and siblings were assessed, revealing the presence of granulomatous disease in a brother (Case 2). He also presented repeat infections with impetigo at age 10, followed by pneumonia six months later, however in a non severe form. Single-strand conformational polymorphism analysis detected abnormal electrophoretic mobility of exon 2 of the NCF-1 gene. Sequence DNA analysis revealed a dinucleotide GT deletion in exon 2. COMMENTS: It is important to evaluate the relatives of chronic granulomatous disease patients, even in the absence of typical clinical signs. Defining the mutation and its correlation with phenotype is important to provide appropriate genetic counseling and clinical prognosis.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)