Sample records for diffusion chambers
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 6 shown.



1

Fluxo difusivo de potássio em solos sob diferentes níveis de umidade e de compactação/ Influence of water content and soil compaction on the potassium diffusion flow into soil

Costa, José P. V. da; Barros, Nairam F. de; Bastos, Adelmo L.; Albuquerque, Abel W. de
2009-02-01

Resumo em português O potássio, à semelhança do fósforo, é transportado por difusão até a zona de absorção. Oito níveis de umidade (10, 20, 40, 60, 70, 80, 90 e 100%), definidos em função da porosidade total, foram combinados com dois níveis de densidade do solo (natural e 30% deste valor) em três tipos de solo. Como unidade experimental se utilizaram anéis de PVC, que serviram como câmara de difusão, com 5 cm de altura e 10 cm de diâmetro interno. Para avaliação do fluxo (mais) difusivo do potássio no solo, lâminas de resina de troca catiônica foram colocadas horizontalmente na superfície das amostras de solo, nas câmaras de difusão. O trabalho foi conduzido em condições de laboratório com temperatura controlada a 25 ± 3 ºC durante 15 dias; após este período, as lâminas foram retiradas e lavadas com jato de água e o potássio adsorvido foi extraído com uma solução de NH4Cl 0,8 mol L-1 + HCl 0,2 mol L-1. O fluxo difusivo de potássio aumentou com os níveis de umidade e diminuiu com a compactação. Com a compactação do solo, observou-se uma relação linear entre os níveis de umidade e a difusão de potássio, mas para os solos não compactados esta relação somente foi observada para o solo mais arenoso; assim, a relação direta entre o fluxo difusivo de potássio e o conteúdo de umidade do solo não é universal, como previsto pela equação de difusão. Resumo em inglês Potassium, as well as phosphorus, is transported by diffusion to the absortion zone. Eight levels of soil moisture (10, 20, 40, 60, 70, 80, 90 and 100%), defined as a percentage of the soil total porosity, were combined with two soil densities (the natural bulk density and a compaction corresponding to 30% above the natural bulk density) in three soil samples, varying in their physiochemical characteristics, and the potassium diffusive flux (KDF) was measured using resin (mais) strips. To determine KDF, the resin strips were placed on the top of the soil samples. Chambers made of PVC rings (10 cm in diameter and 5 cm high) were used, which were placed in plastic bags to avoid evaporation, and maintained under controlled temperature (25 ± 3 ºC) for 15 days. After this period of time the resin strips were removed, washed with destilled water, and K extracted by a NH4Cl 0.8 mol L-1 + HCl 0.2 mol L-1 solution. KDF increased with soil moisture levels and decreased with compaction. When the soil was compacted, a linear relation between moisture levels and KDF was observed. However, for non-compacted soils, this relation was observed only for the sandy soil, not for the more clayey ones. It was concluded that the linear relation between KDF and soil moisture content, as predicted by the diffusion equation, is not universal and depends upon the range of soil moistures under consideration.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

Instrução e assistência na capitania de Minas Gerais: das ações das câmaras às escolas para meninos pobres (1750-1814)/ Instruction and assistance in the captaincy of Minas Gerais: from the actions of the chambers to schools for poor children (1750-1814)/ Instrucción y asistencia en la capitania de Minas Gerais: de las acciones de las cámaras a las escuelas para niños pobres (1750-1814)

Fonseca, Thais Nivia de Lima e
2008-12-01

Resumo em português Neste artigo, pretende-se discutir as relações entre a função civilizadora da instrução e de seu papel assistencial pelo estudo das ações das câmaras e de instituições pias para a educação de meninos pobres. No Antigo Regime, a educação para as camadas mais baixas da população associava-se à difusão da doutrina cristã e à formação profissional como meios de controle e era realizada em instituições assistencialistas. O ensino das primeiras letras v (mais) isava facilitar o aprendizado da doutrina, sem criar possibilidades de ascensão social pela educação. Sobressaía a solução da educação profissional, do aprendizado de ofícios que pudessem servir de ocupação e de sustento. A legislação portuguesa definia os destinos a serem dados aos órfãos, e a educação que lhes seria destinada deveria ser compatível com seu nível social de origem. Na América portuguesa, especialmente na capitania de Minas Gerais, a presença das ordens religiosas foi proibida no início do século XVIII, e a assistência associada à instrução limitou-se à sua dimensão leiga ou esteve a cargo do Estado. Somente no final dos Setecentos é que surgiram instituições para a instrução dos pobres. Resumo em espanhol En este artículo, se pretende discutir las relaciones entre la función civilizadora de la instrucción y de su papel de asistencia por el estudio de las acciones de las cámaras y de instituciones propias para la educación de niños pobres. En el Antiguo Régimen, la educación para las clases más bajas de la población se asociaba a la difusión de la doctrina cristiana y a la formación profesional como medios de control y, era realizada en instituciones de asistenc (mais) ia. La enseñanza de las primeras letras visaba facilitar el aprendizaje de la doctrina, sin crear posibilidades de ascensión social por la educación. Sobresalía la solución de la educación profesional, del aprendizaje de oficios que pudieran servir de ocupación y de sustento. La legislación portuguesa definía los destinos que serían dados a los huérfanos y, la educación que les sería destinada devería ser compatible con su nivel social de origen. En la América portuguesa, especialmente en la capitanía de Minas Gerais, la presencia de las órdenes religiosas fue prohibida en el inicio del siglo XVIII y, la asistencia asociada a la instrucción se limitó a su dimensión lega o estuvo a cargo del Estado. Solamente al final de los Setecientos es que surgieron instituciones para la instrucción de los pobres. Resumo em inglês In this article we discuss the relations between the civilizing function of instruction and its charitable role based on a study of the actions of the chambers and religious institutions in favour of education for poor children. In the Ancient Regime, education for the lowest strata of the population was associated with the diffusion of the Christian doctrine and vocational training as a means of control carried out by charitable institutions. The teaching of the first le (mais) tters was aimed at facilitating the learning of doctrine without creating the possibility of social ascension by means of education. The solution of vocational education, the learning of trades which could serve as an occupation and sustenance, was emphasized. The Portuguese legislation defined the destination to be given to orphans and the education which was destined to them had to be compatible with their original social status. In Portuguese America, especially in the captaincy of Minas Gerais, the presence of religious orders was prohibited at the beginning of the 18th century and the assistance associated with instruction was limited to its lay dimension or was the responsibility of the State. Only at the end of the century did institutions for the instruction of the poor arise.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

Fluxo difusivo de ferro em solos sob influência de doses de fósforo e de níveis de acidez e umidade/ Diffusive flux of iron in soils influenced by phosphorus rates and levels of acidity and moisture

Nunes, F. N.; Novais, R. F.; Silva, I. R.; Gebrim, F. O.; São José, J. F. B.
2004-06-01

Resumo em português A deficiência de Fe em plantas de café cultivadas em Latossolos ricos em Fe pode ser causada por condições que afetam o transporte deste nutriente no solo, como teores de P, valores de pH elevados e déficit hídrico no solo. O fluxo difusivo do Fe (FFe) em solos foi avaliado como variável de doses de P e de níveis de acidez e umidade. Para isso, amostras superficiais de dois solos, um Latossolo Vermelho distroférrico típico A moderado textura muito argilosa e um (mais) Latossolo Vermelho-Amarelo distroférrico A moderado textura média, receberam 20 mg dm-3 de Fe na forma de FeSO4 e, posteriormente, foram submetidas aos tratamentos: sem ou com calagem (para V = 60 %), sem ou com P (500 mg dm-3, na forma de NH4H2PO4) e três níveis de umidade correspondentes aos potenciais: -0,01, -0,04 e -0,1 MPa, constituindo um fatorial 2 × 2 × 2 × 3, com três repetições distribuídas em blocos inteiramente casualizados. Para a determinação do FFe foram montadas câmaras de difusão que receberam uma lâmina de resina de troca catiônica como dreno de Fe. O Fe total adsorvido às lâminas foi extraído após 10 dias de contato com os solos, estimando-se o FFe. Os resultados mostraram que, em ambos os solos, o FFe mostrou-se altamente dependente da umidade e da acidez do solo (calagem) e que, no Latossolo Vermelho distroférrico, foi muito influenciado pela adição de P. O FFe aumentou com a umidade e com a acidez do solo, mas diminuiu com a adição de P no solo mais argiloso, possivelmente pela formação de compostos Fe-P insolúveis neste solo. Resumo em inglês Iron deficiency in coffee plants cultivated in ferric Latosols may be induced by conditions that affect the transport of this nutrient in soils, such as P concentration, high pH values and low soil moisture content. The iron diffusive flux (FeF) in soils was evaluated as a function of P rates and levels of acidity and moisture. Surface soil samples of a clayey dystroferric Red Latosol and a loamy-sand dystroferric Yellow Red Latosol were supplied with 20 mg dm-3 Fe as FeS (mais) O4, and then submitted to the following treatments: absence and presence of liming (60 % of base saturation), absence and presence of P fertilization (500 mg dm-3 as NH4H2PO4) and three moisture levels, corresponding to water potentials of -0.01, -0.04, and -0.1 MPa. Treatments were arranged in a 2 × 2 × 2 × 3 factorial combination, in a complete randomized block design, with three replications. To determine FeF, diffusion chambers were assembled. Each chamber with treated soil received a strip of cation exchange resin that acts as a Fe sink. After 10 days of soil contact, the total Fe adsorbed by the resin strip was extracted and the FeF estimated. Results showed that the FeF was highly dependent on soil moisture and acidity (liming) in both soils and in the clayey ferric Red Latosol it was also greatly influenced by P addition. The FeF increased with soil moisture and acidity, but decreased with P addition in the clayey soil, possibly due to the formation of insoluble Fe-P compounds in this soil.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

4

Fluxo difusivo de micronutrientes catiônicos afetado pelo tipo, dose e época de incorporação de adubos verdes ao solo/ Diffusive flux of cationic micronutrients as affected by type, dose and timing of green manure incorporation into soil

Pegoraro, Rodinei Facco; Silva, Ivo Ribeiro; Novais, Roberto Ferreira; Mendonça, Eduardo de Sá; Alvarez V., Víctor Hugo; Nunes, Flancer Novais; Gebrim, Fabrício Oliveira
2006-12-01

Resumo em português Os solos brasileiros, principalmente os do cerrado, são bastante intemperizados e pobres em alguns micronutrientes catiônicos na solução do solo. A utilização de técnicas de manejo, como a adubação verde, pode favorecer o fluxo difusivo (FD) e a disponibilidade desses nutrientes para as plantas. O presente trabalho visou avaliar se a incorporação de adubos verdes ao solo, em diferentes doses e épocas, modifica o FD e a forma iônica de transporte dos micronutr (mais) ientes Zn, Cu, Fe e Mn no solo. Para tanto, foram incorporados dois resíduos vegetais largamente cultivados como adubo verde: o feijão guandu (Cajanus cajan) ou o milheto (Pennisetum americanum) por diferentes períodos (0, 15, 25, 35, 45 e 55 dias) e doses (0, 9, 18 e 36 t ha-1) num Latossolo Vermelho, argiloso, em condições de laboratório. Para avaliar o FD, utilizaram-se resinas de troca aniônica (positivamente carregada) e de troca catiônica (negativamente carregada) na forma de lâmina, incubadas junto ao solo em câmaras de difusão durante 15 dias. Os resultados obtidos demonstraram que houve aumento do FD do Cu e do Fe com o aumento das doses de material vegetal, principalmente no início do período de incubação, e maior fluxo desses dois micronutrientes para a resina aniônica em relação à catiônica, possivelmente por ser o seu transporte no solo mais dependente da formação de complexos organometálicos com carga líquida negativa. Já para Zn e Mn, o fluxo difusivo foi maior para a resina catiônica. O aumento do tempo de incubação favoreceu o fluxo difusivo de Mn e Zn e reduziu o do Cu e Fe. Resumo em inglês Brazilian soils, especially in the Cerrado region, are highly weathered and poor in some cationic micronutrients in the soil solution. Diffusion is the main transport mechanism to the root surface. The adoption of management practices such as the use of green manures might favor the diffusive flux (DF) and availability of micronutrients to plants. The present experiment aimed to evaluate the effect of incorporation of two distinct green manures into a clayey Red Latosol ( (mais) LV, Typic Haplustox) on the DF of the micronutrients Zn, Cu, Fe and Mn. For this purpose, two widely cultivated green manures: guandu bean (Cajanus cajan) or millet (Pennisetum americanum) were incorporated into the soil for different periods (0, 15, 25, 35, 45, and 55 days) and at variable doses (0, 9, 18, and 36 t ha-1, dry matter basis) before starting the evaluation of the DF. To evaluate the DF, two ion-exchange membranes (a positively-charged anionic and a negatively-charged cationic exchange resin) were incubated with the soil in diffusion chambers for 15 days. The obtained results demonstrated that there was an increment in the Cu and Fe DF with the increase in the doses of plant residues, particularly in the beginning of the incubation period. The results also showed a higher DF of these two micronutrients to the anionic resin compared with the cationic resin. This probably occurred because the Cu and Fe transport in the soil depends on the formation of organometallic complexes with net negative charge. The DF of Zn and Mn to occurred mainly toward the cationic resin. A longer incubation time favored the DF of Mn and Zn and reduced that of Cu and Fe.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

5

Influência de doses de fósforo no fluxo difusivo em solos de Alagoas/ Influence of phosphorus doses in diffusive flow in the soils of Alagoas

Bastos, Adelmo L.; Costa, José P. V. da; Silva, Ivandro de F. da; Raposo, Roberto W. C.; Souto, Jacob S.
2008-04-01

Resumo em português Objetivando avaliar o efeito de diferentes doses de fósforo sobre o fluxo difusivo deste elemento em amostras de solos do Estado de Alagoas, conduziu-se um experimento em laboratório, no Centro de Ciências Agrárias da Universidade Federal de Alagoas, município de Rio Largo, AL. Os solos utilizados foram classificados como Latossolo Amarelo coeso (LAx), Argissolo Acinzentado (PAC), Neossolo Flúvico (RU), Neossolo Quartzarênico RQ), Luvissolo Crômico órtico (TCo) e (mais) Luvissolo Crômico pálico (TCp). Realizaram-se análises químicas, físicas e mineralógicas. O P remanescente foi determinado na solução de equilíbrio e a CMAP o foi em função do fósforo remanescente, utilizando-se, como unidades experimentais, anéis de PVC, que serviram como câmara de difusão. As doses de fósforo corresponderam a 0, 10, 20 e 30% da CMAP. Para avaliação do fluxo difusivo de fósforo dos solos, se utilizaram papel de troca aniônica e a metodologia de papel-filtro impregnado com óxido de ferro. O ensaio consistiu em um arranjo fatorial (6 x 4) correspondendo, respectivamente, a seis solos e quatro doses de fósforo. Os solos mais arenosos (RQ e RU) e a maior dose usada indicaram sempre os maiores fluxos difusivos de fósforo. Resumo em inglês The effect of distinct doses of phosphorus was evaluated on the diffusion of this element in soil samples from the State of Alagoas. The experiment was performed in the laboratory of the Centro de Ciências Agrárias of the Federal University of Alagoas, Rio Largo, AL. The soils were classified as a compacted Yellow Latossol, Grey Argissoil, Fluvic Neosoil, Quartzanic Neossoil and ortic Chromic Luvissoil. Chemical, physical and mineralogical analyses had been made. The de (mais) termination of the remaining P was made in the equilibrium solution. The maximum capacity of adsorption was determined through the remaining phosphorus, using PVC rings which were used as diffusion chambers. The doses of phosphorus had been equivalent to 0, 10, 20 and 30% of the maximum capacity of adsorption. The evaluation of the diffusive flow of phosphorus in the soils was carried out through papers of anionic exchange, using filter-papers saturated with the iron oxide. The experiment was constituted of a factorial arrangement (6 x 4), corresponding to six soils and four doses of phosphorus. The most sandy soils and the largest dose always showed the largest diffusive fluxes of phosphorus.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

6

Fisiologia pós-colheita de frutos da palmeira Mauritia vinifera Mart. (Arecaceae)/ Postharvest physiology of Mauritia vinifera Mart. (Arecaceae) palm fruits

Santelli, Paulo; Calbo, Maria Elisa Ribeiro; Calbo, Adonai Gimenez
2009-09-01

Resumo em português Alterações pós-colheita no amadurecimento dos frutos de Mauritia vinifera (buriti), colhidos com coloração marrom clara, foram estudadas acompanhando-se: massa, volumes gasosos intercelulares, concentração de CO2 e O2 na atmosfera interna, firmeza e as evoluções de CO2 e etileno, tanto a 25 ºC quanto sob baixa temperatura (8 ºC). Os frutos apresentaram injúria de resfriamento quando armazenados a 8 ºC e não amadureceram ao serem retornados para 25 ºC. Sob u (mais) midade elevada, baixa transpiração, a conservação do buriti triplicou em comparação com os frutos armazenados em ambiente menos úmido (65 a 85%). A casca resistente destes frutos perde a firmeza e o arranjo compacto das escamas e torna-se mais frágil e mais permeável a gases durante o amadurecimento ou quando armazenados sob temperatura que causa injuria de resfriamento. Os frutos de buriti contém apenas cerca de 1% volume gasoso intercelular, o que é indicativo de susceptibilidade à injúria de impacto, mediante descolamento de escamas. No amadurecimento a polpa torna-se macia, conforme leitura de penetrômetro, diminuindo a resistência ao transporte dos frutos, que passam a ser facilmente amassados. Estes frutos apresentaram comportamento climatérico típico e o pico de evolução de CO2 ocorreu dois dias após o pico do etileno. As curvas de concentração interna de CO2 e de O2 no buriti foram diferentes de outros frutos previamente estudados pelo fato de sofrerem uma grande redução da resistência difusiva da casca, causada pela formação das aberturas entre as escamas durante o amadurecimento. Resumo em inglês We studied postharvest ripening changes in Mauritia vinifera Mart. fruits, known as "buriti", harvested at a mature light-brown color stage, from palms on the Brazilian Central Plateau, as follows: weight loss, internal gaseous volume, internal CO2 and O2 concentration, firmness and CO2 and ethylene evolution, at room temperature (25ºC) and at low temperature (8 ºC). M. vinifera fruits suffered chilling injury when stored at 8 ºC and the damaged fruits failed to ripen (mais) upon return to 25ºC storage. Subjected to low water loss in high humidity chambers M. vinifera fruit-storage life tripled when compared to less humid storage environment (65 to 85%), also at 25 ºC. The hard M. vinifera fruit peel became more gas permeable as it loses firmness and tight scale arrangement during ripening and also during storage at stressful chilled temperatures. Intercellular gaseous volume was low in M. vinifera fruits, a fact that may increase susceptibility to impact injury caused by a tendency of the hard peel scales to split or unglue. As it ripens the fruit pulp became soft, as recorded by a penetrometer, thus reducing transport resistance, the fruit becoming susceptible to even modest compression. M. vinifera had typical climacteric ripening behavior with the CO2 peak occurring two days after the ethylene peak. The internal CO2 and O2 curves were different from those of previously described fruits because there was a great reduction in peel diffusion resistance caused by the formation of openings between the hard peel scales during ripening.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)