Sample records for decontamination factor
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 1 shown.



1

Síndrome da resposta inflamatória sistêmica na circulação extracorpórea: papel das interleucinas/ Systemic inflammatory response syndrome: role of the interleukins

MOURA, Helmiton Vieira de; POMERANTZEFF, Pablo M. A.; GOMES, Walter José
2001-12-01

Resumo em português A síndrome da resposta inflamatória sistêmica (SIRS) na cirurgia cardíaca ocorre, com maior freqüência, com o uso da CEC. Isto se deve ao contato do sangue com superfícies não endoteliais e, mais tarde, à reperfusão. Esse contato leva à liberação de componentes moleculares, dos quais as anafilotoxinas ativadas pelo fator de complemento, que estimulam a liberação de citocinas pró-inflamatórias, tais como a IL-1, IL-6, FNT-a. Estas interleucinas são respon (mais) sáveis por indução de febre, neutrofilia, com aumento da adesividade entre neutrófilos e miócitos e/ou endotélio, e agem de forma sinergética estimulando a produção de outras interleucinas pelos monócitos e leucócitos (IL-6, IL-8). Observa-se que a isquemia intestinal, decorrente do uso da CEC, ocasiona a produção de IL-6, FNT-a, IL-1 no epitélio intestinal, e a reperfusão pós-CEC provoca a expressão de IL-1 e FNT-a no endotélio microvascular e pode gerar uma disfunção que danifica os cardiomiócitos. Seguindo a cascata de reações pós- CEC, a síndrome do distress respiratório do adulto é mediada pela IL-8, encontrada a nível alveolar. Cérebro e fígado também podem ser afetados pelos fenômenos causados pela isquemia/reperfusão e se demonstra que as interlucinas, uma vez mais (IL-8 e IL-13, respectivamente), têm um papel importante na série de eventos que ocorre. As técnicas de CEC bem como a anestesia podem influenciar a atividade das interleucinas. Não há um consenso sobre terapias preventivas ou de tratamento das complicações advindas da SIRS. Intervenção a nível dos mediadores da inflamação, procedimento de descontaminação digestiva, uso de drogas como a indometacina ou esteróides são opções possíveis. A regulação do processo inflamatório, de um modo geral, depende do equilíbrio entre citocinas pró- e anti-inflamatórias. Estas últimas são detectáveis no indivíduo normal, enquanto que as pró-inflamatórias apenas se manifestam localmente ou são quase inexistentes. Conclui-se que, o aumento da concentração das interleucinas pró-inflamatórias no organismo é um fato esperado, em grandes cirurgias, e que trará complicações se este aumento for exacerbado e se o organismo estiver muito debilitado. Resumo em inglês The systemic inflammatory response syndrome (SIRS) occurs in the cardiac surgery more often with the use of CPB. It is due to the contact of the blood with non-endothelial surfaces and, later to reperfusion. This contact leads to the release of substances such as anaphylotoxins, which are activated by the complement factor, and stimulate the production of pro-inflammatory cytokines (IL-1, IL-6, TNF-a). Cytokines are responsible for induction of fever, neutrophilia with in (mais) crease of adhesiveness between neutrophils and mocytes and, they act synergetically stimulating the production of other interleukins (IL-6, IL-8). It is observed that intestinal ischemia secondary to CPB, causes the production of IL-6, TNF-a, IL-1 in the intestinal epithelium and, reperfusion post CPB induces the expression of IL-1 and TNF-a in the vascular endothelium that can generate a dysfunction able to injure cardiomyocytes. Following the post-CPB cascade of reactions, the adult respiratory distress syndrome is mediated by IL-8, found the at alveolar level. The brain and the liver can also be affected by ischemia/reperfusion phenomena and, once more, it is shown that interleukins (IL-8 and IL-13, respectively) have an important role in the course of SIRS- related events. CPB and anesthesia techniques can influence interleukin activity. There is not a consensus regarding preventive or treatment therapies for complications from SIRS. Possible choices are: intervention at the level of inflammation mediators, digestive decontamination procedures, use of drugs such as indometacin or steroids. The regulation of the inflammatory process, generally depends on the balance between anti- and pro- inflammatory cytokines. These later are detectable in normal individuals whereas the others only manifest locally or are almost inexistent. We conclude that the increase of the concentration of pro-inflammatory interleukins in the organism is expected during important surgical intervention. Such an increase will bring complications if it is exacerbated and, the organism is debilitated.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)