Sample records for deciduous trees
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 20 shown. Select sample records:



1

Estratégia reprodutiva de Cochlospermum orinocense (Kunth) Steud.: fenologia, biologia floral e sistema de cruzamento em uma espécie pioneira de florestas na Amazônia/ Reproductive strategy of Cochlospermum orinocense (Kunth) Steud.: phenology, floral biology and breeding system of an Amazonian forest pioneer species

Figueiredo, Paulo Sérgio de; Ribeiro, Éville Karina Maciel Delgado; Lacerda, Dinnie Michelle Assunção; Girnos, Emília Cristina
2009-12-01

Resumo em português Cochlospermum orinocense (Kunth) Steud. é uma espécie arbórea freqüente em clareiras, na borda da floresta e em florestas secundárias na Amazônia. Dados da fenologia, biologia floral e sistema de cruzamento foram obtidos em indivíduos na borda de um fragmento de 80 ha de floresta Amazônica primária, de terra firme, na ilha de São Luís, MA. Cochlospermum orinocense é uma espécie decídua com floração anual precoce, intensa e sincronizada na estação seca. S (mais) uas flores hermafroditas e levemente zigomorfas estão dispostas em inflorescências terminais e têm duração de um dia. Cada ovário possui em média 250 óvulos e o androceu é composto por cerca de 160 anteras, de deiscência poricida, apresentando 81,6% de pólen viável e razão P/O de 16.019,2. A antese é diurna e as flores são polinizadas predominantemente por abelhas solitárias Centris spp. A espécie é autocompatível (IAI = 0,98) com alta eficácia reprodutiva (ER = 0,81), sendo a apomixia reduzida ou nula. Distribuição agrupada e floração intensa e sincronizada na seca, em árvores decíduas, induzem alta eficiência na polinização, sendo a fecundidade limitada pelos recursos da planta e não por pólen. Geitonogamia, a forma mais freqüente de endogamia, pode assegurar o sucesso reprodutivo em indivíduos isolados na floresta, mas induz forte depressão endogâmica. Alta densidade e a forma agrupada com que a espécie predominantemente ocorre, favorecendo a alogamia, podem permitir alta eficiência reprodutiva e fecundidade ao minimizar a depressão endogâmica. Resumo em inglês Cochlospermum orinocense (Kunth) Steud. is an arboreal species found in forest edges, canopy gaps and secondary forests. Phenology, floral biology and breeding system data was gathered at the edge of an 80 ha primary terra-firme Amazonian forest fragment in the São Luís Island, Maranhão state. Cochlospermum orinocense is a deciduous species which flower annually, showing intense and synchronized flowering early in the dry season. Its hermaphrodite and slightly zygomorp (mais) hic flowers are arranged in terminal inflorescences and last only one day. Each ovary has on average 250 ovules and the androecium about 160 poricidal dehiscence anthers presenting 81.6% viable pollen and P/O ratios of 16,019.2. Anthesis is diurnal and the flowers are pollinated mainly by solitary bees of the species Centris spp. Cochlospermum orinocense is self-compatible (ISI = 0.98) with high reproductive efficacy (RE = 0.81) and reduced or null apomixis. Clustered distribution in deciduous trees together with intense and synchronized flowering in the dry season leads to highly efficient pollination. Fecundity is thus limited to resources constraints and not by pollen availability. Geitonogamy, the commonest form of endogamy, may assure the reproductive success of isolated individuals in the forest but leads to endogamic depression. The high density clustering often found in this species encourages allogamy and may allow high reproductive efficiency and higher fecundity as endogamic depression is minimized.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

Variações florística e estrutural e relações fitogeográficas de um fragmento de floresta decídua no Rio Grande do Norte, Brasil/ Floristic and structural variations, and the phytogeographical relationships of a deciduous forest fragment in Rio Grande do Norte State, Brazil

Cestaro, Luiz Antonio; Soares, João Juares
2004-06-01

Resumo em português O trabalho foi realizado num fragmento de floresta decídua com cerca de 270ha centrado em 5°53'S e 35°23'W e que se estende por dois ambientes edáficos distintos (Moda 1 e Moda 2). Os objetivos do trabalho foram caracterizar florística e estruturalmente o componente arbóreo nos dois ambientes, compará-los entre si e avaliar suas relações fitogeográficas. Todos os indivíduos vivos e mortos em pé com perímetro à altura do peito >10cm foram considerados como á (mais) rvore e amostrados pelo método dos quadrantes. Para Moda 1 e Moda 2 foram estimados, respectivamente: densidade total de 1.587 e de 1.924 indivíduos.ha-1, área basal total de 15,88 e de 15,86m².ha-¹, freqüências modais das alturas entre 5 e 5,9m e entre 6 e 6,9m e dos diâmetros de caule entre 5,0 e 9,9cm e entre 3,2 e 4,9cm, índice de diversidade de Shannon de 3,19 e de 3,26 e índice de eqüabilidade de Pielou de 0,79 e de 0,86. Os estratos arbóreos nos dois ambientes foram considerados estruturalmente semelhantes. Foram observadas no total 66 espécies de árvores, sendo 56 em Moda 1 e 45 em Moda 2. Piptadenia moniliformis Benth. é a espécie com maior valor de importância nas duas áreas, seguidas por Tabebuia impetiginosa (Mart. ex DC.) Standl. em Moda 1 e por Chamaecrista ensiformis (Vell.) H.S. Irwin & Barneby em Moda 2. As áreas apresentam grande similaridade florística (S S = 0,69 e S C = 0,53), sendo que as espécies características de matas decíduas são mais abundantes em ou exclusivas de Moda 1, e as espécies características das Caatingas, em Moda 2. As pequenas diferenças florística e estrutural entre os dois setores da mata podem ser atribuídas às condições edáficas. Em termos florísticos, fisionômicos e ambientais, a mata foi classificada como um tipo de vegetação de transição entre as províncias fitogeográficas Atlântica e das Caatingas, com a presença destacada de espécies com ampla distribuição nas matas secas neotropicais e nos Cerrados. Resumo em inglês This work was undertaken in a deciduous forest fragment (~270 ha, centered on 5°53'S and 35°23'W) spanning two distinct edaphic environments (Areas 1and 2), and sought to floristically and structurally characterize the tree layers in both environments, as well as to assess their phytogeographical relationships. All living and standing dead trees with CBH >10 cm were sampled using the point-centered quarter method. The results for areas 1and 2 were, respectively: total d (mais) ensity, 1.587 and 1.924 individual.ha-1; total basal area, 15.88 and 15.86m².ha-1; most frequent height classes of living trees, 5-5.9m and 6-6.9m; most frequent stem diameters of living trees, 5.09.9cm and 3.2-4.9cm; Shannon diversity index 3.19 and 3.26; and Pielou evenness index, 0.79 and 0.86. The tree layers in both areas 1 and 2 were considered structurally similar. A total of 66 tree species were observed (56 in area 1 and 45 in area 2). Piptadenia moniliformis Benth. showed the greatest importance value in both areas, followed by Tabebuia impetiginosa (Mart. ex DC.) Standl. in area 1, and Chamaecrista ensiformis (Vell.) H.S. Irwin & Barneby in area 2. Both edaphic environments showed a high floristic similarity (S S = 0.69 and S C = 0.53).Species typical of deciduous forests were more abundant in, or exclusive to, area 1. Species more typical of Caatingas environments were more abundant in, or exclusive to, area 2. The small floristic and structural differences noted between the two areas are apparently attributable to soil conditions. This forest fragment contains many species showing wide distributions in both Neotropical dry forests and Cerrados, and was considered a transitional vegetation type between the Atlantic and Caatingas phytogeographical provinces, in terms of species composition and physiognomy, as well as local environment conditions.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

Comunidade arbórea de uma floresta estacional decídua sobre afloramento calcário na Bacia do rio Paraná/ Arboreal community of a seasonal deciduous forest on limestone outcrop in São Domingos - Goiás, Parana river Basin, Brazil

Silva, Luciana Álvares da; Scariot, Aldicir
2004-02-01

Resumo em português A bacia do rio Paraná (GO e TO), com 5.940.382 ha, tem alta diversidade de fitofisionomias, com sua flora pouco conhecida. As atividades de extração de madeira e implantação de pastagem contribuíram decisivamente para a remoção da vegetação. Este estudo foi conduzido em uma floresta estacional decídua sobre afloramento calcário (aproximadamente 13º41'16"S e 46º44'20"W e 462 m de altitude) - fazenda Canadá (São Domingos-GO). Foram demarcadas cinco linhas pa (mais) ralelas, a intervalos de 100 m, onde foram distribuídas aleatoriamente 25 parcelas de 20 x 20 m (total de 1 ha). Em cada parcela foram amostradas todas as árvores com diâmetro do caule a 1,3 m de altura do solo (DAP) > 5 cm, nos quais foi medido o DAP, estimada a altura máxima e identificada a espécie. Foram amostrados 924 indivíduos de 48 espécies, 38 gêneros e 24 famílias e obtidos o índice de Shannon-Wienner de 2,99 nats/ind. e a equabilidade de 0,77. As espécies que apresentaram maior valor de importância (VI) foram Myracrodruon urundeuva (36,09), Pseudobombax tomentosum (34,75), Dilodendron bipinnatum (26,61), Combretum duarteanum (22,19), Jacaranda brasiliana (21,57), Commiphora leptophloeos (19,18), Astronium fraxinifolium (13,84), Tabebuia impetiginosa (13,79), Pseudobombax longiflorum (11,64) e Machaerium scleroxylon (10,00), que juntas somaram 69,9% do VI total. A diversidade foi próxima à encontrada em outros trabalhos em floresta estacional decídua sobre solo e afloramento na região. Resumo em inglês The Parana River basin - an area of 5,940,382 ha located in Brazil- has a highly diverse phytophysiognomy and scarce flora information. Wood extraction and pasture activities have decisively contributed to the removal of vegetation in this area. This study was carried out in a seasonal deciduous forest on limestone outcrop (approximately 13º41'16" S and 46º44'20" W) on Canada Farm (São Domingos-GO.) Twenty -five plots of 20 m x 20m (1 ha) were randomly allocated on par (mais) allel lines 100 m apart. Trees with stem diameter at 1.3 m breast height (DBH) > 5 cm were sampled and their DBH, maximum height and species determined. In the phytosociological study, 924 individuals comprising 48 species, 38 genera and 24 families were sampled. The species with the highest importance value (IV) were Myracrodruon urundeuva (36.09%), Pseudobombax tomentosum (34.75%), Dilodendron bipinnatum (26.61%), Combretum duarteanum (22.19%), Jacaranda brasiliana (21.57%), Commiphora leptophloeos (19.18%), Astronium fraxinifolium (13.84%), Tabebuia impetiginosa (13.79%), Pseudobombax longiflorum (11.64%) and Machaerium scleroxylon (10.00%), comprising 69.9% of the total IV. Diversity was close to that found in other seasonal deciduous forest studies in the region.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

4

Fitossociologia de remanescentes de floresta estacional decidual em Corumbá, Estado do Mato Grosso do Sul, Brasil/ Phytosociological study on deciduous forest remnants near Corumbá, Mato Grosso do Sul State, Brazil

Salis, Suzana Maria; Silva, Marta Pereira da; Mattos, Patrícia Póvoa de; Silva, João S. Vila da; Pott, Vali Joana; Pott, Arnildo
2004-10-01

Resumo em português O estudo foi realizado em quatro remanescentes próximos a cidade de Corumbá, MS (19º05'-19º20' S e 57º40'-57º55' W), com o objetivo de verificar a variação da composição florística e estrutura da floresta decídua em diferentes relevos e tipos de solo. Quatro remanescentes foram amostrados pelo método de quadrantes. Três áreas foram amostradas com 20 pontos, e a quarta área foi amostrada com 50 pontos. Todas as árvores com circunferência à altura do peit (mais) o > 9 cm foram amostradas. Na floresta estacional decidual aluvial foram amostradas 32 espécies, sendo as de maior valor de importância Attalea phalerata Mart. ex Spreng. (Arecaceae) e Aspidosperma australe Müll. Arg. (Apocynaceae). Nas duas áreas de floresta estacional decidual de terras baixas, foram amostradas 47 e 25 espécies, respectivamente, sendo Sebastiania discolor (Spreng.) Müll. Arg. (Euphorbiaceae) e Phyllostylon rhamnoides (J. Poiss.) Taub. (Ulmaceae) as mais importantes em ambas. No remanescente de floresta estacional decidual submontana foram amostradas 24 espécies, sobressaindo-se Acosmium cardenasii H.S. Irwin & Arroyo (Fabaceae) como a mais importante. A família mais rica nas áreas estudadas foi Fabaceae, com 16 espécies, seguida por Euphorbiaceae, com seis espécies, e por Apocynaceae, Rubiaceae e Sapindaceae, com três espécies cada. As duas áreas de florestas de terras baixas mostraram-se muito similares, tanto na composição florística, como na estrutura. A floresta aluvial apresentou composição florística e estrutura mais distintas das demais áreas. Estes remanescentes de florestas estacionais deciduais apresentaram estrutura e composição florística peculiares, com elementos do chaco e da caatinga, merecendo a intensificação de estudos botânicos e ecológicos. Resumo em inglês A survey was made on four deciduous forest remnants in the town of Corumbá, State of Mato Grosso do Sul (19º05'-19º20' S and 57º40'-57º55' W), aiming to verify the floristic and structure variation of deciduous forest remnants in different relief and types of soils. The four remnants were sampled through the point quarter method. Three areas were sampled through 20 points and the fourth area was sampled through 50 points. All trees with circumference at breast height (mais) > 9 cm were sampled. In the alluvial deciduous forest, 32 species were sampled, Attalea phalerata Mart. ex Spreng. (Arecaceae) and Aspidosperma australe Müll. Arg. (Apocynaceae) having the highest importance value indexes. In two areas of lowland deciduous forest 47 and 25 species were sampled, respectively; Sebastiania discolor (Spreng.) Müll. Arg. (Euphorbiaceae) and Phyllostylon rhamnoides (J. Poiss.) Taub. (Ulmaceae) being the most important in both. In the remnant of submontane deciduous forest 24 species were sampled, Acosmium cardenasii H.S. Irwin & Arroyo (Fabaceae) outstanding as the main species. The richest family was Fabaceae with 16 species, followed by Euphorbiaceae with six species, and Apocynaceae, Rubiaceae and Sapindaceae with five species each. Both areas of lowland forests showed to be very similar in floristic composition as well as in structure. The alluvial forest presented the most distinct structure and floristic when compared to the other areas. These remnants of deciduous forests have peculiar structure and floristic composition, containing species of the Chaco and Caatinga Provinces that require extensive botanical and ecological studies.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

5

Teores de carboidratos em órgãos lenhosos do caquizeiro em clima tropical/ Carbohydrate content in persimmon tree woody organs in tropical climate

Corsato, Carlos Eduardo; Scarpare Filho, João Alexio; Sales, Eleuza Clarete Junqueira de
2008-06-01

Resumo em português Nas fruteiras caducifólias, o metabolismo de carboidratos constitui-se no principal mecanismo que garante a sua sobrevivência no período de dormência, estando, também, relacionado ao seu potencial produtivo em safras subseqüentes. Conhecer a forma como a planta utiliza esses carboidratos durante o seu desenvolvimento é um passo importante para o entendimento das suas relações fonte-dreno e para fundamentar algumas práticas de manejo, como a poda e o raleio de fr (mais) utos. Caracterizar a variação dos teores de amido e de carboidratos solúveis totais em órgãos lenhosos do caquizeiro (Diospyros kaki L.), no decorrer do seu desenvolvimento fenológico, foi o objeto de investigação do presente estudo. O trabalho foi conduzido em um pomar de caquizeiros localizado na área experimental da Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" (ESALQ), em Piracicaba, Estado de São Paulo, durante o ciclo 2002/2003. A fenologia das plantas foi caracterizada pelo período de ocorrência e duração do alongamento dos ramos, florescimento, desenvolvimento dos frutos e das folhas e do abortamento natural de frutos. A variação dos teores desses carboidratos em ramos e em raízes foi analisada tendo por base os diferentes estádios fenológicos. Ocorreram variações significativas no teor desses carboidratos no período de estudo. A mobilização do amido nos ramos teve grande importância na sustentação de um novo ciclo de brotações. O maior consumo de amido ocorreu durante a abscisão foliar, e a reposição no seu estoque, nos ramos e nas raízes ocorreu, principalmente, entre o florescimento e a abscisão foliar. Resumo em inglês In deciduous fruit trees, the carbohydrate's metabolism are recognized as the main mechanism that ensures their survival during the rest period. Besides it, the very same metabolism is related to the productive potential in subsequent harvest seasons. Knowing how the plants use those carbohydrates during their development and growth is an important step in the right direction to understand the relation source-drain more effectively along with building up the fundamentals (mais) of some handling practices, for instance, the pruning and fruit thinning. The objective of the present study was to characterize how the total soluble sugars content and the starch vary in woody organs of the persimmon tree (Diospyros kaki L) in elapsing of its phenological development. This study was carried out in the experimental area of the Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" (ESALQ) in Piracicaba - SP, during the cycle 2002/2003. The phenology of persimmon tree was described by the occurrence period and prolongation of shoot growth, flowering, fruit growth, leaf expansion and natural abortion of fruits. The carbohydrates content in stems and roots were analyzed based on different phenological stages. The results showed a significant variation in the starch and total soluble sugars content in the sampled organs. The starch's mobilization in stems was of foremost importance to sustain the beginning of a new growing cycle. It is worth mentioning that the consumption of starch was increased during the leaf fall and therefore a replacement in its stock took place, not only in the stems but also in the roots, during the flowering and the leaf abscission.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

6

Florística e estrutura do estrato arbóreo de dois fragmentos de florestas decíduas às margens do rio Grande, em Alpinópolis e Passos, MG, Brasil/ Floristics and structure of the tree layer of two deciduous forest fragments on the Rio Grande, in Alpinópolis and Passos, Minas Gerais State, Brazil

Fagundes, Lívia Moreno; Carvalho, Douglas Antônio de; van den Ber, Eduardo; Marques, João José Granate Sá e Melo; Machado, Evandro Luiz Mendonça
2007-03-01

Resumo em português Realizou-se o levantamento da comunidade arbórea de dois fragmentos de florestas ripárias estacionais deciduais submontanas localizados na região do médio rio Grande e na margem esquerda deste rio, nos municípios de Alpinópolis e Passos, MG (20º41'S; 46º22'W; 20º40'S; 46º27'W; altitudes 680 a 750 m), com o propósito de contribuir para o conhecimento da florística e fitossociologia das florestas que margeiam os cursos d'água em Minas Gerais e de avaliar as cor (mais) relações entre variações estruturais e variáveis ambientais. Foram analisados aspectos da estrutura (densidade e área basal), composição, distribuição e diversidade de espécies. Foram alocadas 25 parcelas de 20×20 m para amostragem dos indivíduos arbóreos com diâmetro à altura do peito (DAP) > 5 cm, onde também foram coletados dados topográficos e amostras de solo superficial para análises químicas e texturais. Foram registrados 811 indivíduos, 65 espécies, 55 gêneros e 28 famílias, bem como três subgrupos de solos e duas classes de drenagem. Anadenanthera colubrina e Myracrodruon urundeuva foram marcantemente as espécies mais importantes. Uma análise de correspondência canônica (CCA) detectou um gradiente curto, com poucas substituições de espécies e predominância da variação nas abundâncias das espécies arbóreas, ligado principalmente à drenagem e ao desnível. Resumo em inglês The tree layer was surveyed in two fragments of submontane deciduous riparian forest on the left bank of the mid-course Rio Grande, in Alpinópolis and Passos municipalities, MG (20º41'S; 46º22'W; 20º40'S; 46º27'W; altitude 680 to 750 m). The aim was to study the flora and phytosociology of riparian forests in Minas Gerais and to assess the correlation between forest structure variation and environmental variables. Structure (density and basal area), species compositi (mais) on, distribution and diversity were analyzed. All trees with dbh > 5 cm were sampled in 25 plots (20×20 m); topographic data and soil samples for chemical and textural analyses were collected in these plots. A total of 811 trees, 65 species, 55 genera and 28 families were recorded, as well as three soil groups and two drainage classes. Anadenanthera colubrina and Myracrodruon urundeuva were clearly the most important species. Canonical correspondence analysis detected a short gradient with low species substitution and species abundances varying mainly in relation to drainage and slope variables.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

7

Florística e estrutura da comunidade arbórea de um remanescente de Floresta Estacional Decidual de encosta, Monte Alegre, GO, Brasil/ Floristic and structure of a seasonal deciduous forest fragment, Monte Alegre, GO, Brazil

Nascimento, André R. Terra; Felfili, Jeanine Maria; Meirelles, Elisa Maria
2004-09-01

Resumo em português O presente estudo teve como objetivo descrever a composição de espécies arbóreas e a estrutura de um fragmento de Floresta Estacional Decidual, na região Nordeste de Goiás, Brasil. Foram levantadas 25 unidades amostrais quadradas de 20x20m, totalizando uma amostra de um hectare, sendo incluídos na amostragem todos os indivíduos com diâmetros iguais ou superiores a 5cm. Foram amostrados 663 indivíduos pertencentes a 52 espécies arbóreas, destacando-se pela dens (mais) idade as espécies Combretum duarteanum Camb., Casearia rupestris Eichl., Myracrodruon urundeuva Fr. Allem., Machaerium acutifolium Vog. e Tabebuia impetiginosa (Mart. ex DC.) Standl. Foram encontradas 21 famílias botânicas, com maior representatividade da família Leguminosae (17 espécies) e das famílias Bignoniaceae (4 espécies), Anacardiaceae (3 espécies) e Bombacaceae (3 espécies). A vegetação estudada apresentou dossel descontínuo e distribuição diamétrica desequilibrada, com valores do quociente de Liocourt "q" variando de q1= 0,66 a q6 = 0,14. Estes remanescentes florestais desempenham papel importante na manutenção da diversidade biológica e possuem espécies arbóreas madeiráveis de importância econômica, que se tornaram raras em outros locais da região Nordeste de Goiás. Resumo em inglês The objective of this study was to describe the floristic composition and the structure of the tree layer of a fragment of a seasonal deciduous forest in northeastern Goiás state, Brazil. A sample of 25 (20x20) plots was assessed totaling one hectare. All individuals for 5cm dbh were included in the survey. A total of 663 trees in 52 arboreal species was found; the most abundant species were Combretum duarteanum Camb., Casearia rupestris Eichl., Myracrodruon urundeuva Fr (mais) . Allem., Machaerium acutifolium Vog. and Tabebuia impetiginosa (Mart. ex DC.) Standl. There were 21 families with a higher proportion of Leguminosae (17 species) Bignoniaceae (4 species), Anacardiaceae (3 species) and Bombacaceae (3 species). The forest presented an open canopy and an unbalanced diameter distribution, with Liocourt's quocient "q" values ranging from q1=0,66 to q6=0.14. These forest remnants play an important role in the maintenance of the biological diversity and contain valuable timber species that are becoming rare in the surrounding regions.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

8

Flora arbustivo-arbórea do Parque Estadual do Jaraguá, São Paulo - SP/ Floristic composition of tree and shrub species of the Jaraguá State Park, São Paulo - SP, Brazil

Souza, Flaviana Maluf de; Sousa, Rita de Cássia; Esteves, Rejane; Franco, Geraldo Antônio Daher Corrêa
2009-06-01

Resumo em português O objetivo deste trabalho foi caracterizar a flora arbustivo-arbórea do Parque Estadual do Jaraguá (PEJ), a fim de contribuir para o conhecimento de sua diversidade. Foram feitas coletas mensais de material reprodutivo dos indivíduos arbustivos e arbóreos ao longo de três trilhas, durante um período de 12 meses. O levantamento resultou em uma lista florística contendo 262 espécies nativas, de 153 gêneros e 55 famílias. As famílias mais representativas foram Fab (mais) aceae, com 30 espécies, Myrtaceae (26), Asteraceae (24), Melastomataceae (20), Lauraceae (16) e Rubiaceae (15). Assim como relatado para outros remanescentes da região metropolitana de São Paulo e entorno, a vegetação do PEJ está situada em uma zona de transição, onde predomina a floresta ombrófila densa, com a presença de algumas espécies de floresta estacional semidecidual. Destaca-se ainda a existência de uma outra fitofisionomia em uma região de afloramentos de rocha e solo raso, onde ocorrem espécies de cerrado, e que merece estudos específicos. Nessa área, a vegetação é predominantemente herbácea, com árvores e arbustos esparsos, em geral de pequeno porte e com tronco suberoso. Especificamente nessa formação, foram registradas 55 espécies pertencentes a 41 gêneros e 18 famílias, das quais 22 não ocorreram nos outros locais amostrados. A família com maior riqueza foi Asteraceae (15 espécies), seguida por Myrtaceae (7), Fabaceae (5) e Melastomataceae (4). Em todo o levantamento, foram contabilizadas 20 espécies exóticas. Apesar de grande parte da vegetação do Parque ser secundária e estar exposta a fortes pressões antrópicas, foram encontradas 14 espécies presentes em alguma das categorias existentes nas listas oficiais de espécies ameaçadas, reforçando a importância do PEJ para a conservação da biodiversidade. Resumo em inglês The objective of this study was to characterize the floristic composition of trees and shrubs of the Jaraguá State Park (PEJ), contributing to the knowledge of its biodiversity. Reproductive botanic material was collected along three trails during a 12-month period. The field survey resulted in a flora of 262 native species, 153 genera and 55 families. Fabaceae was the richest family (30 species), followed by Myrtaceae (26), Asteraceae (24), Melastomataceae (20), Laurace (mais) ae (16) and Rubiaceae (15). As mentioned for other forest remnants in São Paulo metropolitan region and surroundings, the PEJ vegetation is in a transition zone, where the main formation is the ombrophilous dense forest, but where species of seasonal semi-deciduous forest also occur. Besides that, there is a completely different phytophysiognomy occurring in a region with rocky outcrops and low depth soils, in which cerrado species were found, and that deserves more specific studies. In this site, the vegetation of grasses is the most abundant, and there are also shrubs and trees sparsely distributed, many of them with low height and suberous trunk. Most specifically in this area there were 55 species of 41 genera and 18 families, from which 22 did not occur in the other sites visited. Asteraceae was the family with the higher number of species (15), followed by Myrtaceae (7), Fabaceae (5) and Melastomataceae (4). Twenty exotic species were found along the trails. Despite the fact that PEJ has a big area of secondary vegetation and that it is exposed to strong anthropogenic pressures, there were 14 species belonging to some threat category defined at the official red lists, reinforcing the importance of the Park for biodiversity conservation.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

9

Fitossociologia de um remanescente de mata sobre tabuleiros no norte do estado do Rio de Janeiro (Mata do Carvão)/ Phytosociological studies in a remnant lowland forest on tertiary "tabuleiros" in the north Rio de Janeiro State

SILVA, GUILHERME C. DA; NASCIMENTO, MARCELO T.
2001-03-01

Resumo em português As formações florestais sobre tabuleiros terciários ocorrem hoje na forma de pequenos fragmentos desde o Rio Grande do Norte até o Rio de Janeiro. No norte fluminense, a Mata do Carvão (1.053 ha) é o maior remanescente. Este trabalho descreve a estrutura e a composição florística desta mata, tendo por objetivo compará-la com outras matas da região. Foram estabelecidas quatro parcelas de 50 m x 50 m em uma área selecionada, sem vestígios de corte e de fogo. To (mais) das as árvores com DAP > ou = 10 cm foram amostradas e plaqueadas. Árvores mortas foram medidas mas não plaqueadas. Um total de 564 árvores foram amostradas. Foram encontradas 34 famílias, sendo as de maior número de espécies Leguminosae (18), Myrtaceae (8) e Euphorbiaceae (6). As famílias mais abundantes foram Rutaceae (189), Leguminosae (97) e Euphorbiaceae (47). As espécies com maior índice de valor de cobertura (IVC) foram Metrodorea brevifolia, Paratecoma peroba e Pseudopiptadenia contorta. Embora a Mata do Carvão tenha uma diversidade (H’ = 3,21 nats) menor que outras matas estacionais semidecíduas (ex. mata de tabuleiro de Linhares), ela possui uma alta similaridade de espécies arbóreas com as matas de tabuleiro do sul da Bahia e do norte do Espírito Santo. Na Mata do Carvão foi observada a ocorrência de espécies raras típicas de mata de tabuleiro, como Paratecoma peroba, Centrolobium sclerophyllum e Polygala pulcherrima (novas ocorrências para a flora fluminense). Resumo em inglês The forests on Barreiras formations are located in fragmented areas extending from the Rio Grande do Norte State to north of Rio de Janeiro State. In the north of Rio de Janeiro State, the "Mata do Carvão" (1053 ha) is the largest remaining fragment. This study describes the structure and floristic composition of a remnant forest on tertiary tabuleiros and its main aim was to compare this forest with other "tabuleiro" and Atlantic forest remnants in the region. To carry (mais) out the inventory, four plots of 50 x 50 m were allocated in a selected area without vestiges of logging activities or fire. All trees > or = 10 cm DBH were sampled and numbered with aluminium tags. Dead trees were measured but not tagged. A total of 564 trees was sampled being distributed within 34 families. The families with higher number of species were Leguminosae (18), Myrtaceae (8), and Euphorbiaceae (6). The most abundant families were Rutaceae (189), Leguminosae (97) and Euphorbiaceae (47). The species with higher cover index values were Metrodorea brevifolia, Paratecoma peroba and Pseudopiptadenia contorta. Although the "Mata do Carvão" showed lower tree diversity (H’ = 3.21) than those found for other semi-deciduous seasonal forests, it has a high species similarity between the tabuleiro forests of South Bahia and North of Espírito Santo. In the "Mata do Carvão", the occurrence of rare species at risk of extinction (e.g. Paratecoma peroba) was observed. Furthermore, these are new occurrences for the Rio de Janeiro State (Centrolobium sclerophyllum and Polygala pulcherrima).

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

10

Fisionomia e estrutura de uma floresta estacional montana do maciço da Borborema, Pernambuco - Brasil/ Physiognomy and structure of a seasonal montane forest at Borborema massif, Pernambuco - Brazil

Nascimento, Ladivania M. do; Rodal, Maria Jesus N.
2008-03-01

Resumo em português Foi caracterizada a fisionomia e a estrutura do componente arbóreo de um fragmento de floresta estacional montana situado a 900 m de altitude. A área de estudo (8º11'144" -8º12'27" S e 36º23'730" -36º24'638" W) apresenta solos profundos e precipitação média anual de 948 mm ano-1. Foram amostrados todos os indivíduos vivos ou mortos, ainda em pé, com diâmetro a altura do peito > 5 cm, em 50 parcelas contíguas de 10 x 20 m, e tomadas as seguintes medidas: altur (mais) a total, diâmetro do caule e área de cobertura da copa. As espécies foram classificadas quanto ao tamanho foliar, deciduidade e composição do limbo. Um total de 62 espécies (um taxon não identificado) foi amostrado. Densidade total, área basal total, altura e diâmetro médios e máximos dos indivíduos vivos foram 1.553 ind ha-1, 39 m² ha-1, 10,3 e 30 m e 14,2 e 105,0 cm, respectivamente. Cerca de 50% dos indivíduos vivos ocorreram abaixo de 10 m de altura. A distribuição das áreas basais e cobertura de copa por classe de altura indicou dois intervalos de concentração: 7-13 e 19-22 m. A área representa uma floresta estacional montana de transição entre as florestas ombrófilas e estacionais. A maioria das espécies é perenifólia e apresenta folhas simples e micrófilas (Casearia sylvestris Sw., Guapira nitida (Schmidt) Lundell, Marlierea clausseniana (O. Berg) Kiaersk., Ocotea aff. elegans Mez, Plinia sp., entre outras), ocupando o dossel da floresta juntamente com espécies notófilas (Amaioua cf. guianensis Aubl. e Roupala paulensis Sleumer) e mesófilas (Fabaceae sp. e Inga marginata Willd., entre outras). Entre as emergentes predominam espécies com folhas caducifólias e compostas, como Copaifera trapezifolia Hayne e Eriotheca crenulaticalyx A. Robyns. Resumo em inglês The physiognomy and structure of the tree component of a montane forest fragment located in an area at 900 m altitude (8º11'144" -8º12'27" S and 36º23'730" -36º24'638" W), with 948 mm of annual rainfall, and deep soil were studied. All alive or dead standing plants with diameter at breast height > 5 cm, within 50 contiguous plots, 10 x 20 m each, had their trunk diameter, total plant height and canopy projection area measured. The species were classified in relation t (mais) o their leaf size, deciduousness, and lamina composition. A total of 61 species were sampled plus one unidentified taxon. Plant density, basal area and average and maximum height and diameters were 1,553 plant ha-1, 39 m² ha-1, 10.3 and 30 m, 14.2 and 105 cm, respectively. About 75% of all alive plants had between 1.4 and 3 m high. The distribution of basal and canopy areas according to height class indicated two ranges of plant concentrations: 7-13 and 19-22 m. The forest fragment represents a transition between humid and dry montane forests. Most of the species are evergreen with simple microphyllous leaves (Casearia sylvestris Sw., Guapira nitida (Schmidt) Lundell, Marlierea clausseniana (O. Berg) Kiaersk., Ocotea aff. elegans Mez, Plinia sp.), they occurred in the canopy of the forest, together with notophyllous species (Amaioua cf. guianensis Aubl. and Roupala paulensis Sleumer) and mesophyllous (Fabaceae sp. and Inga marginata Willd.). The emergent trees are mostly deciduous and compound leaf species, such as Copaifera trapezifolia Hayne and Eriotheca crenulaticalyx A. Robyns.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

11

Estudo fenológico em três fases sucessionais de uma floresta estacional decidual no município de Santa Tereza, RS, Brasil/ Phenology study in three successional stages of a seasonal deciduous forest in Santa Tereza, RS, Brazil

Andreis, Cáren; Longhi, Solon Jonas; Brun, Eleandro José; Wojciechowski, Júlio César; Machado, Antônio Augusto; Vaccaro, Sandro; Cassal, Christian Zago
2005-02-01

Resumo em português O presente estudo foi realizado em 40 parcelas de área fixa pertencentes a três estágios sucessionais, denominados: Capoeirão, Floresta Secundária e Floresta Madura, em uma Floresta Estacional Decidual no município de Santa Tereza, RS. Foram realizadas observações fenológicas quinzenais em 53 espécies arbóreas, numa média de 8,4 indivíduos por espécie, durante o período de 16 de novembro de 2001 a 10 de novembro de 2002. As fenofases observadas foram flora� (mais) �ão, frutificação e mudança foliar. Os resultados indicaram que a atividade reprodutiva manteve uma porcentagem relativamente baixa nos três estágios sucessionais durante o período observado, com tendências em ser menor durante a estação de inverno. A quantidade total de folhas na árvore, não se distinguindo estágio sucessional, diminuiu de aproximadamente 85% no período de maior atividade vegetativa para até 35% no inverno, período de repouso, sendo a Floresta Madura a subsere, que manteve os maiores porcentuais de folhas durante o período estudado. Resumo em inglês The present study was accomplished in forty permanent plots belonging to three forest successional stages, denominated: Brush Forest, Secondary Forest and Mature Forest, in a seasonal deciduous forest in the municipal district of Santa Tereza, RS, Brazil. Phenologic observations were accomplished fortnightly for 53 arboreal species, in an average of 8,4 individuals per species, during the period of November 2001 to November 2002. The stages observed were flowering, fruiti (mais) ng and foliage change. The results indicate that the reproductive activity remained relatively low for three successional stages during the observed period, with a tendency to be even lower during winter. The total amount of leaves on the trees, regardless of the successional stage, decreased from approximately 85%, in the period of higher vegetative activity, to 35% in the winter, resting season. The Mature Forest maintained the largest percentage of leaves during the studied period.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

12

Estrutura do componente arbóreo e características edáficas de dois fragmentos de floresta estacional decidual no vale do rio Araguari, MG, Brasil/ Tree layer structure and soil characteristics of two deciduous dry forests in the Araguari river valley, Minas Gerais State, Brazil

Siqueira, Ariane de Souza; Araújo, Glein Monteiro de; Schiavini, Ivan
2009-03-01

Resumo em português Este trabalho investigou a estrutura do componente arbóreo e as características edáficas de duas florestas deciduais (doravante Funil 1 e Funil 2) localizadas no vale do rio Araguari, Triângulo Mineiro. Foram demarcadas 60 parcelas de 10×20 m em cada área. Todas as árvores com circunferência a 1,30 m de altura >15 cm foram amostradas. Para o estudo do solo foram realizadas análises físicas e químicas de 20 amostras de cada ambiente. Para verificar possíveis re (mais) lações entre as características do solo e a distribuição das espécies foram realizadas análises de correspondência canônica (CCA). Funil 1 apresentou densidade de 1695 ind./ha e área basal total de 16,25 m²/ha. Foram amostradas 64 espécies, 49 gêneros e 32 famílias nesse ambiente. Funil 2 apresentou densidade de 937,5 ind./ha, área basal total de 14,02 m²/ha e total de 46 espécies, 39 gêneros e 22 famílias. O índice de diversidade de Shannon foi de 2,76 (Funil 1) e 2,59 (Funil 2), sendo a equabilidade semelhante para os dois ambientes (J' = 0,66). As análises químicas evidenciaram fortes semelhanças entre os solos estudados. Em contraste, houve diferença considerável dos parâmetros físicos desses solos. A umidade dos solos de Funil 1 e 2 variou ao longo do ano (ANOVA F = 367,67; gl = 3; p Resumo em inglês This study aimed to analyze the vegetation structure and soil characteristics of two deciduous forests, hereafter referred to as Funil 1 and Funil 2, located in the Araguari river valley, Triângulo Mineiro region. Sixty 10×20 m plots were laid out in each forest. All trees with a minimum circumference of 15 cm at 1.30 m above ground were sampled. Soil samples were collected from 20 plots in each forest. Canonical correspondence analysis (CCA) was used to check relations (mais) hips between species distribution and soil characteristics. Funil 1 had a density of 1695 ind./ha and basal area of 16.25 m²/ha. A total of 64 species, 49 genera and 32 families were found in the area. Funil 2 had a density of 937.5 ind./ha, basal area of 14.02 m²/ha and a total of 46 species, 39 genera and 22 families. Shannon's index for Funil 1 and Funil 2 was 2.76 and 2.59, respectively. Pielou's evenness index was the same in both environments (J' = 0.66). Chemical analysis of forest soils showed high similarity. In contrast, there were significant physical differences between Funil 1 and Funil 2 soils. Soil humidity of Funil 1 and 2 changed during the year (ANOVA F = 367.67; df = 3; p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

13

Estado nutricional de diferentes cultivares de pereira nas condições edafoclimáticas de Guarapuava-PR/ Leaf content and nutrient extraction by fruit harvest of pear trees cultivars grafted on quince 'CP'

Botelho, Renato Vasconcelos; Müller, Marcelo Marques Lopes; Basso, Clori; Suzuki, Atsuo
2010-09-01

Resumo em português A adubação de plantas frutíferas de clima temperado é rotineiramente recomendada em função da interpretação de laudos de análises químicas de solo e folhas, mas não são específicas para as diferentes cultivares e porta-enxertos. Neste contexto, um experimento foi conduzido durante dois anos, com o objetivo de avaliar o estado nutricional de diferentes cultivares de pereira enxertadas sobre o porta-enxerto marmeleiro 'CP', em Guarapuava-PR. As cultivares de pe (mais) reira Cascatense, Tenra, Hosui, Packham's Triumph e Williams foram plantadas em 2004, em densidade de 2.500 plantas ha-1. Amostras de folhas e de frutos foram coletadas em 2006 e 2007 para análises químicas dos teores de nutrientes. Folhas completas e normais foram amostradas em meados de janeiro, retiradas da parte mediana das brotações do ano. Os frutos foram colhidos quando o teor de sólidos solúveis totais atingiram 10º Brix. As cultivares de pereira apresentaram diferenças em relação aos teores de nutrientes nas folhas e frutos, demonstrando exigências nutricionais distintas. A cv. Cascatense apresentou os maiores teores de N e P nos frutos em, pelo menos, um dos anos avaliados, e a cv. Hosui, os maiores valores para K. A extração de nutrientes pelos frutos situou-se entre 0,366 e 0,825 kg de N; 0,097 e 0,205 kg de P; 0,996 e 1,302 kg de K; 0,085 e 0,049 a 0,085 kg de Ca, e entre 0,041 e 0,095 kg de Mg por tonelada de frutos. Resumo em inglês The fertilizer applications in deciduous fruit trees are usually recommended in function of chemical soil and leaves analysis interpretation, but they are not specific for the different scion and rootstock cultivars. In this context, a trial was carried out aiming to evaluate the nutritional status of different pear cultivars grafted on rootstock quince 'CP' by two consecutive years, in Guarapuava, Paraná State, Brazil. The pear cultivars Cascatense, Tenra, Hosui, Packha (mais) m's Triumph and Williams were planted in 2004 at the density planting of 2.500 plants ha-1. Samples of leaves and fruits were collected in 2006 and 2007 for chemical analysis of nutrient contents. Complete and normal leaves were sampled in the end of January, token from the middle part of one-year shoots. The fruits were collected when the total soluble solids content reached 10º Brix. The pear cultivars showed differences in relation to nutrient content in leaves and fruits, indicating distinct nutritional requirements. The cv. Cascatense presented the highest N and P contents in fruits at least in one of the years, and the cv Hosui the highest K content. The nutrient extraction by fruits ranged from 0.366 to 0.825 kg N; 0.097 to 0.205 kg P, 0.996 to 1.302 kg K, 0.049 to 0.085 kg Ca and 0.041 to 0.095 kg Mg per fruit ton.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

14

Distribuição do compartimento arbóreo em gradiente de relevo e solos na encosta Meridional da Serra Geral, RS/ Tree distribution along a relief and soil gradient on the Southern of Serra Geral, Rio Grande do Sul

Scipioni, Marcelo Callegari; Longhi, Solon Jonas; Reinert, Dalvan José; Araújo, Maristela Machado; Pedron, Fabrício de Araújo
2010-06-01

Resumo em português O presente trabalho foi realizado em fragmento de Floresta Estacional Decidual (29°32'27"S e 53°48'35"W), na Reserva Biológica do Ibicuí-Mirim, localizada no Município de São Martinho da Serra, Estado do Rio Grande do Sul, Brasil, com o objetivo de avaliar as correlações existentes entre a composição florística das espécies arbóreas sobre diferentes condições topográficas e pedológicas sem influência fluvial. Foram instaladas 28 parcelas de 20x20m (mais) para amostrar todos os indivíduos com circunferência à altura do peito (CAP)=30cm. Nas parcelas, foram coletadas amostras superficiais de solos (0-20cm) para análise química e granulométrica, além de informações morfológicas dos perfis de solo e topográficas do terreno. Foram registrados 734 indivíduos arbóreos, nos quais, por meio da Análise de Correspondência Canônica (CCA), foi verificada a ordenação ambiental das principais espécies no gradiente topográfico pelas variáveis ambientais de declividade do terreno, cota altimétrica, CTC efetiva, relação Ca/Mg e grau de desenvolvimento do solo. Essas variáveis caracterizaram as diferenças entre as classes de Neossolos do estudo que apresentaram pouco reflexo na distribuição das espécies no gradiente topográfico. Resumo em inglês This research was performed in a deciduous forest fragment (29°32'27" S and 53°48'35" W) on the Ibicuí-Mirim biological reserve in the municipality of São Martinho da Serra, in the state of Rio Grande do Sul, Brazil. The aim was to evaluate the correlations between the floristic compositions of tree species growing in different topographical and pedological conditions without river influences. Twenty-eight plots measuring 20x20m were established to test all indi (mais) viduals with =30cm circumference at breast height (CBH). Superficial soil samples (0-20cm) were collected for chemical and granulometric analysis. Also, the morphological characteristics of the soils and the topographical information of the terrain were noted. A Canonical Correspondence Analysis (CCA) was conducted on the 734 individual trees and shrubs that were registered to determine the environmental classification of the species found on the topographical gradient using variables such as terrain declivity, altitude, effective CEC, Ca/Mg relations, and soil development. These environmental variables characterized the differences between the classes of Neosoils in this study that had little influence on the distribution of species on this topographical gradient.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

15

Distribuição de espécies arbóreo-arbustivas ao longo de um gradiente de solos e topografia em um trecho de floresta ripária do rio São Francisco em Três Marias, MG, Brasil/ Distribution of tree and shrub species along a gradient of soils and topography in a strip of riparian forest of the São Francisco river in Três Marias, MG, Brazil

Carvalho, Douglas Antônio; Oliveira Filho, Ary T.; Vilela, Enivanis A.; Curi, Nilton; Van Den Berg, Eduardo; Fontes, Marco Aurélio L.; Botezelli, Luciana
2005-06-01

Resumo em português Foi realizado um levantamento da comunidade arbóreo-arbustiva, da topografia e dos solos de um fragmento de floresta estacional semidecidual aluvial e estacional decidual submontana, com o objetivo de verificar as possíveis correlações entre variações da estrutura fisionômica e da diversidade e composição de espécies e variações do regime de água e fertilidade química dos solos. O fragmento florestal, com área de 12 ha localiza-se à margem direita do Rio S (mais) ão Francisco (18º05'26" S e 45º10'54" W), no município de Três Marias, MG. Foram realizados um levantamento plani-altimétrico da área e uma classificação detalhada dos solos da floresta. Foram alocadas 50 parcelas de 15 X 15 m para amostrar os indivíduos arbóreo-arbustivos com diâmetro à altura do solo (DAS) > 5 cm. Amostras do solo superficial (0-20 cm de profundidade) foram coletadas nas parcelas para análises das propriedades químicas e texturais. Foram registrados nas parcelas 1.449 indivíduos distribuídos em 117 espécies, 83 gêneros e 33 famílias, bem como três subgrupos de solos e cinco classes de drenagem. A análise de correspondência canônica (CCA) das variáveis ambientais e da abundância das espécies indicou que estas se distribuem no fragmento sob forte influência de drenagem e fertilidade química dos solos, sugerindo que a disponibilidade de água e de nutrientes minerais são as principais variáveis ambientais que determinam a distribuição das espécies na floresta. Resumo em inglês A survey of the community of trees and shrubs, topography and soils of a fragment of tropical semideciduous and tropical deciduous forests was carried aiming at assessing alleged correlations between the variations in physiognomic structure and species composition and variations in soil water regime and chemical fertility. The forest fragment, with an area of 12 ha, is situated on the right margin of the Rio São Francisco (18º05'26" S and 45º10'54" W), Três Marias mun (mais) icipality, Minas Gerais state, southeastern Brazil. A topographic survey and a detailed soil classification were accomplished in the forest area. Individual trees and shrubs with diameter at the base of the stem (dbs) > 5 cm were sampled in 50 plots with 15 X 15 m. Samples of surface soil (0-20 cm of depth) were collected from each plot for analyses of chemical and textural properties. The survey registered 1,449 individuals belonging to 117 species, 83 genera, and 33 families, as well as three soil subgroups and five drainage classes. Canonical correspondence analysis (CCA) of the environmental variables and species abundances indicated that they are distributed in the fragment under a strong influence of drainage regime and chemical fertility of the soils, suggesting that the availability of water and mineral nutrients are the chief environmental variables determining species distribution in the forest.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

16

Dinâmica da comunidade arbórea em um fragmento de floresta estacional semidecidual montana em Lavras, Minas Gerais, em diferentes classes de solos/ Tree community dynamics in a montane semi-deciduous tropical forest fragment in Lavras, Minas Gerais, on different soil classes

Higuchi, Pedro; Oliveira-Filho, Ary Teixeira; Silva, Ana Carolina da; Machado, Evandro Luiz Mendonça; Santos, Rubens Manoel dos; Pifano, Daniel Salgado
2008-06-01

Resumo em português Com o objetivo de verificar a existência de mudanças estruturais e a influência de diferentes classes de solos sobre as taxas de dinâmica da comunidade arbórea, um fragmento de Floresta Estacional Semidecidual Montana (8,7 ha) em Lavras, MG, foi estudado em um período de cinco anos (2000-2005). Os dados foram coletados em 47 parcelas de 20 × 20 m, dispostas em duas transeções, distantes 80 m entre si, cruzando o fragmento no sentido de maior comprimento. No ano d (mais) e 2000, foram amostrados todos os indivíduos arbóreos com DAP > 5 cm. As informações coletadas para cada indivíduo foram: identificação botânica da espécie e DAP. Em 2005, foram registrados os indivíduos mortos, remensurados os sobreviventes e mensurados e identificados os indivíduos recrutados (DAP > 5 cm). Foram calculadas as taxas de dinâmica: mortalidade, recrutamento, ganho e perda em área basal de cada parcela, para a área total e para cada classe de solo (Nitossolos, Latossolos e Cambissolos). O padrão observado no fragmento foi de redução no número de indivíduos e estabilidade da área basal. Entretanto, não foram identificadas diferenças entre as classes de solos, em relação às taxas de dinâmica. As populações das espécies classificadas como de subdossel aumentaram a dominância ecológica na área. Os resultados permitiram concluir que o fragmento estudado está em uma fase avançada de sucessão pós-distúrbio e as variações espaciais das taxas de dinâmica não apresentaram relações com as classes de solos identificadas na área. Resumo em inglês In order to analyze the existence of structural changes and the influence of different soils classes on tree community dynamics rates, a fragment of tropical montane seasonal semi-deciduous forest (8,7 ha) in SE Brazil was studied in a 5 years period (2000-2005). Data were collected in 47, 20 × 20 m, plots arranged in two 80 m distant transect, crossing the study area toward its widest length. In 2000, were surveyed all individuals with DBH > 5 cm. Species botanical iden (mais) tification were provided and diameters at breast height (DBH) were collected for each tree individual. In 2005, all dead trees were recorded, the surviving trees were remeasured and the recruits were measured and identified (DBH > 5 cm). Mortality, recruitments, basal area loss and gain rates were calculated for each plot, for the total area and for each soil class (Nitosols, Oxysols and Cambisols). The overall pattern in the fragment indicated reduction in number of individuals and basal area stability. However, there were no differences among soils classes regarding dynamics rates. The species populations classified as sub-canopy tended to increase its ongoing ecological dominance in the area. The results allowed us to conclude that the studied fragment is in an advanced successional phase post-disturbance and that spatial variations in dynamics rates had no relation with soils classes.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

17

Determinação por cromatografia gasosa de açúcares em frutíferas de clima temperado/ Gas chromatography determination of sugars in temperate-zone fruit trees

Rodrigues, Alexandre Couto; Herter, Flávio Gilberto; Veríssimo, Valtair; Chavarria, Geraldo; Gardin, João Peterson Pereira; Campos, Ângela Diniz
2005-04-01

Resumo em português As frutíferas de clima temperado apresentam o fenômeno da dormência. Na saída da dormência, há a conversão do amido para açúcares solúveis, como substrato para a retomada de crescimento na primavera. Visando à maior compreensão da fisiologia das plantas em respostas a eventos, como as variações climáticas, estresses e problemas de adaptação, desenvolveu-se este trabalho, no Laboratório de Fisiologia Vegetal da Embrapa Clima Temperado, com o objetivo de d (mais) escrever uma metodologia para a determinação das concentrações dos açúcares solúveis (frutose, sorbitol, alfa-glicose, beta-glicose e sacarose), em tecidos vegetais de frutíferas, via cromatografia gasosa. O cromatógrafo utilizado para as análises dos açúcares por essa metodologia é o GAS CHROMATOGRAPH e a coluna do tipo Packed Column J. K. de 3,2mm de diâmetro por 2m de comprimento, empacotada com Silicone SE-52 Uniport HP 80/100 mesh. Através da cromatografia gasosa, obtêm-se eficiência e resolução cromatográfica, para análises de açúcares solúveis, sendo, desta forma, vantajoso e executável esse tipo de análise pelo método descrito. Resumo em inglês The temperate-zone deciduous fruit trees present the phenomenon of dormancy. In that period, there is the conversion of the starch in soluble sugars, as substratum for the resumption of growth in the spring. Seeking to better understanding the physiology of the plants in answers to events as the climatic variations, stresses and adaptation problems, this study was done in the Laboratory of Crop Physiology of Embrapa Temperate Climate, with the objective of describing a me (mais) thodology for determination of concentrations of the soluble sugars (fructose, sorbitol, alpha-glucose, beta-glucose and sucrose), in tissues of fruit tree, through gaseous chromatography. The chromatograph used for the analyses of the sugars was the GAS CHROMATOGRAPH with the column of the type Packed Column J. K. of 3,2mm of diameter for 2m of length packed with Silicon IF-52 Uniport HP 80/100 mesh. Through the gaseous chromatography it is obtained efficiency and chromatographic resolution to soluble sugars determination, being this way, advantageous to use this methodology.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

18

Composição florística e síndromes de polinização e de dispersão da mata do Sítio São Francisco, Campinas, SP, Brasil/ Floristic composition and pollination and dispersion syndromes in the Sítio São Francisco forest, Campinas, São Paulo State, Brazil

Kinoshita, Luiza Sumiko; Torres, Roseli Buzanelli; Forni-Martins, Eliana Regina; Spinelli, Tatiana; Ahn, Yu Jie; Constâncio, Sábata Silva
2006-06-01

Resumo em português Foi realizado o levantamento florístico da floresta estacional semidecídua localizada no Sítio São Francisco, bem como a caracterização das síndromes de polinização e de dispersão das espécies. Foram encontrados um total de 46 famílias, 116 gêneros e 148 espécies (50 árvores, 35 lianas, 26 arbustos e 37 ervas). As famílias com maior riqueza de espécies arbóreas foram Euphorbiaceae (8), Fabaceae (7), Meliaceae (6) e Rutaceae (5). Entre as lianas, as famí (mais) lias mais ricas foram Bignoniaceae (13), Sapindaceae (5) e Malpighiaceae (3); entre as herbáceas, Poaceae (8) e Asteraceae (5); e entre as arbustivas, Piperaceae (7) e Rubiaceae (5). As síndromes de polinização e de dispersão mais freqüentes foram melitofilia (73%) e zoocoria (63%), ambas predominantes no sub-bosque, sendo que algumas espécies apresentaram mais de uma síndrome de polinização. A análise de similaridade com outros sete fragmentos do município mostrou a mata do Sítio São Francisco em posição intermediária entre as formações higrófilas e as estacionais semidecíduas, e a ocorrência de algumas espécies exclusivas de árvores e de lianas. Resumo em inglês A floristic survey of the seasonal semi-deciduous forest located in the Sítio São Francisco was undertaken, together with studies of pollination and dispersion syndromes of the species. A total of 46 families, 116 genera and 148 species (50 trees, 35 lianas, 26 shrubs and 37 herbs) was found. The richest families in number of arboreal species were Euphorbiaceae (8), Fabaceae (7), Meliaceae (6) and Rutaceae (5). The lianas were distributed mainly in the following familie (mais) s: Bignoniaceae (13), Sapindaceae (5) and Malpighiaceae (3), while in the herbaceous plants, the richest families were Poaceae (8) and Asteraceae (5), and among the shrubs were Piperaceae (7) and Rubiaceae (5). The most frequent pollination and dispersion syndromes were respectively, melittophily (73%) and zoochory (63%), both predominating in the sub-arboreal stratum. More than one type of pollination syndrome was observed in some species. Comparing data from this study with seven surveys carried out in the municipality of Campinas, Sítio São Francisco forest showed an intermediate position between the hygrophilous formations and the seasonal semi-deciduous forests as well as the occurrence of some exclusive arboreal and lianas species.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

19

Composição florística e estrutura da comunidade arbórea em uma floresta estacional decidual em afloramento calcário (Fazenda São José, São Domingos, GO, bacia do rio Paranã)/ Floristic composition and structure of the tree community in a deciduous forest on a limestone outcrop in São Domingos, Goiás, Paranã river basin, Brazil

Silva, Luciana Álvares da; Scariot, Aldicir
2003-06-01

Resumo em português A bacia do rio Paranã (Goiás e Tocantins) com 5.940.382ha, tem alta diversidade de fitofisionomias, incluindo a floresta estacional decidual sobre afloramento calcário, que ainda não foi estudada nesta região. Este trabalho objetivou o levantamento quantitativo da vegetação arbórea de uma floresta estacional decidual sobre afloramento calcário (13°49'34''S e 46º 41'55''W; 478m de altitude) na fazenda São José, São Domingos, GO. Foram demarcadas cinco linhas (mais) a intervalos de 100m, onde foram aleatoriamente alocadas 25 parcelas permanentes de 20 × 20m (1,0 ha). Em cada parcela foram amostrados todos os indivíduos com diâmetro à altura do peito (DAP) igual ou maior que 5cm, onde foram medidos o DAP e a altura, e identificadas as espécies. Foram amostrados 588 indivíduos (536 vivos e 52 mortos ainda em pé), pertencentes a 36 espécies, 31 gêneros e 21 famílias, com índice de Shannon 2,99 e Equabilidade 0,83. As principais espécies em valor de importância (VI), foram: Tabebuia impetiginosa (43,81), Aspidosperma pyrifolium (35,64), Luetzelburgia sp. (21,77), Commiphora leptophloeos (18,79), Myracrodruon urundeuva (15,79), Pseudobombax tomentosum (13,42), Combretum duarteanum (13,04), Luehea divaricata (12,24), Cabralea canjerana (11,99), Ficus pertusa (11,82), Jacaranda brasiliana (11,68) e Aspidosperma sp. (10,57) que juntas somaram 73,5% do VI total, enquanto as 24 espécies restantes somaram 26,5%. Esta floresta é similar, em termos de diversidade, a outras áreas de afloramentos na região. Resumo em inglês The Paranã river basin (States of Goiás and Tocantins, Brazil), with 5,940,382 ha, has many different plant physiognomies, including the deciduous forest on limestone outcrops which has not yet been studied in this region. In this paper we present the structure of the tree community of a deciduous forest on a limestone outcrop (13º49'34'' S; 46º 41'55'' W) in São Domingos municipality, Goiás State, Brazil. Twenty-five plots of 20m × 20m (400m²) were randomly place (mais) d on lines 100 m apart. Trees with dbh > 5cm were tagged, measured, and identified to species. In the phytosociological study, 588 individuals were sampled. A total of 36 tree species, belonging to 31 genera and 21 families were registered. The species with the highest importance value (IV) were: Tabebuia impetiginosa (43,81), Aspidosperma pyrifolium (35,64), Luetzelburgia sp. (21,77), Commiphora leptophloeos (18,79), Myracrodruon urundeuva (15,79), Pseudobombax tomentosum (13,42), Combretum duarteanum (13,04), Luehea divaricata (12,24), Cabralea canjerana (11,99), Ficus pertusa (11,82), Jacaranda brasiliana (11,68) and Aspidosperma sp. (10,57). Together these make up 73.5% of total IV while the 24 remaining species constitute 26.5%.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

20

Composição florística de florestas estacionais ribeirinhas no estado de Mato Grosso do Sul, Brasil/ Floristic composition of seasonal riparian forests in Mato Grosso do Sul state, Brazil

Baptista-Maria, Vivian Ribeiro; Rodrigues, Ricardo Ribeiro; Damasceno Junior, Geraldo; Maria, Fabrício de Souza; Souza, Vinicius Castro
2009-06-01

Resumo em português O presente estudo teve como objetivos caracterizar a composição florística em dois trechos de floresta estacional semidecidual associada ao rio Formoso, Bonito, MS, e em três trechos de florestas estacionais deciduais e semideciduais associadas aos rios Salobra, Salobrinha e Perdido ocorrentes no Parque Nacional da Serra da Bodoquena (76.481 ha) - única unidade de Conservação Federal de Proteção Integral implantada no Estado de Mato Grosso do Sul. O levantamento (mais) florístico foi realizado mensalmente entre o período de outubro/2004 a março/2006, onde foram coletadas fanerógamas em fase reprodutiva (flores e frutos), através do método de tempo de avaliação. O levantamento florístico resultou em 56 famílias, 184 gêneros e 307 espécies. Do total das espécies, 68% apresentaram hábito arbóreo, 17% arbustos, 14% foram lianas e apenas 1% palmeiras. A família Fabaceae (Leguminosae), representada por 51 (16,6%) espécies, foi a de maior riqueza. Os resultados obtidos neste trabalho contribuíram para o conhecimento da flora sul-mato-grossense e sua distribuição geográfica, reforçando a necessidade de conservação destas matas ribeirinhas e fornecendo subsídios para os planos de restauração das áreas degradadas do entorno da unidade de conservação e das áreas de proteção permanente (APP's) dos rios ocorrentes na região. Resumo em inglês This study aimed to characterize the floristic composition in two stretches of seasonal semideciduous forest associated with the Formoso River, Bonito, Mato Grosso do Sul State, and in three stretches of seasonal deciduous and semideciduous forests associated with the Salobra, Salobrinha and Perdido rivers in Bodoquena Plateau National Park (76,481 ha) - the only Federal Conservation unit with Integral Protection in the state of Mato Grosso do Sul. The floristic survey wa (mais) s carried out monthly from October/2004 to March/2006, where flowering and fruiting phanerogams were collected by the method of evaluation time. The floristic survey resulted in 56 families, 184 genera and 307 species. Of the total number of species, 68% were trees, 17% shrubs, 14% lianas and only 1% palms. The Fabaceae family (Leguminosae), represented by 51 (16.6%) species, was the most species-rich. These results increase our knowledge of the Mato Grosso do Sul flora and its geographic distribution, thus emphasizing the need for conservation of these riparian forests and providing subsidies for restoration projects of the degraded areas around the conservation unit and permanent protection areas (APPs) of regional rivers.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

21

Composição florística da vegetação arbórea de um trecho de floresta estacional semidecídua em Viçosa, Minas Gerais, e espécies de maior ocorrência na região/ Floristic composition of trees in a seasonal semidecious forest in Viçosa, Minas Gerais, and species of greater ocurrence in the region

Ferreira Júnior, Walnir Gomes; Silva, Alexandre Francisco da; Meira Neto, João Augusto Alves; Schaefer, Carlos Ernesto Gonçalves Reynaud; Dias, Arildo de Souza; Ignácio, Maíra; Medeiros, Maria Cláudia Melo Pacheco de
2007-12-01

Resumo em português É grande a demanda por estudos ecológicos em florestas que possam embasar trabalhos de recuperação, conservação da biodiversidade e apoio à legislação ambiental. Entre esses estudos, primordialmente está o levantamento da flora. Nesse sentido, este trabalho teve como objetivo determinar a composição florística de um trecho da Reserva da Biologia, em Viçosa, MG, em regeneração natural há 80 anos, bem como realizar uma análise comparativa com outros trabal (mais) hos conduzidos na região, fornecendo, assim, informações que poderão embasar estudos sobre recuperação e conservação da biodiversidade dos fragmentos de Floresta Estacional Semidecidual. Os dados florísticos foram obtidos mediante a amostragem fitossociológica em 1 ha, pelo método de parcelas contíguas, em que todos os indivíduos arbóreos com circunferência de tronco >15 cm a 1,30 m do solo foram amostrados. Registraram-se 130 espécies, distribuídas em 94 gêneros, pertencentes a 38 famílias botânicas. A análise desses dados conjuntamente com de outros levantamentos realizados em trechos distintos da Reserva da Biologia, no campus da UFV, denota a marcante influência de variáveis ambientais locais (topografia, declividade, face de exposição solar e disponibilidade hídrica) na distribuição da riqueza florística desse fragmento. Casearia decandra, Guapira opposita, Apuleia leiocarpa, Dalbergia nigra, Jacaranda macratha, Matayba elaeagnoides, Piptadenia gonoacantha, Bathysa nicholsonii, Carpotroche brasiliensis, Luehea grandiflora, Mabea fistulifera, Ocotea odorifera, Sorocea bonplandii e Zanthoxylum rhoifolium foram as espécies de maior ocorrência nos fragmentos estudados na região de Viçosa e adjacências, apresentando potencial para uso na recuperação florestal de áreas degradadas. Resumo em inglês There is a great demand for ecological studies on forests focusing on biodiversity conservation and establishment of environmental laws. The major need, however, is the qualitative survey of the flora. Thus, this work aimed to determine the floristic composition of a site in the Biological Reserve of the Federal University of Viçosa (UFV) in Vicosa-MG, under natural regeneration for 78 years, as well as to establish a comparative analysis with other works in the region, (mais) providing information to serve as a basis for further works on recovery and conservation of the biodiversity of seasonal semi deciduous forest sites. The floristic data were obtained by phytosociological sampling in 1 ha, through contiguous plots, with all the wood individuals with stem diameter = 4.7 cm, 1.30m far from the soil were recorded. A total of 130 species was sampled, belonging to 94 genera and 38 botanical families. The analysis of those data combined with other surveys in different sites of the Biological Reserve on the UFV campus showed a remarkable influence of local environmental variables (topography, slopes, sun exposure and water availability on the floristic richness distribution of this site. Casearia decandra, Guapira opposita, Apuleia leiocarpa, Dalbergia nigra, Jacaranda macratha, Matayba elaeagnoides, Piptadenia gonoacantha, Bathysa nicholsonii, Carpotroche brasiliensis, Luehea grandiflora, Mabea fistulifera, Ocotea odorifera, Sorocea bonplandii and Zanthoxylum rhoifolium presented the highest occurrence in the sites studied in the Viçosa region and are recommended for recovery of degraded environments in regions.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

22

Composição florística da floresta estacional decídua montana de Serra das Almas, CE, Brasil/ Flora of seasonal deciduous montane forest at Serra das Almas, Ceará State, Brazil

Lima, Jacira Rabelo; Sampaio, Everardo Valadares de Sá Barretto; Rodal, Maria Jesus Nogueira; Araújo, Francisca Soares
2009-09-01

Resumo em português No domínio semi-árido brasileiro, a flora das bacias sedimentares ainda é pouco conhecida, mas os levantamentos já existentes indicam que há grande heterogeneidade florística e fisionômica. Mesmo áreas geográficas próximas podem apresentar dissimilaridade florística. Visando testar esta hipótese, a composição florística e o espectro biológico da floresta estacional decídua de Serra das Almas, estado do Ceará, foram analisados e comparados com os de 14 á (mais) reas sedimentares no Nordeste. Foram encontradas 104 espécies e 39 famílias em 1 ha analisado. Fabaceae, Euphorbiaceae, Erythroxylaceae e Myrtaceae foram as famílias com maior riqueza e fanerófitos a forma de vida predominante (87%). Arbóreas e arbustivas representaram 72% das espécies, trepadeiras 15%, subarbustos 6% e herbáceas 7%. A análise de agrupamento da composição dos fanerófitos, usando o índice de Jaccard e as médias de grupo a posteriori, indicou a formação de grupos florísticos entre áreas geográficas mais próximas. Porém, não foi significativo pelo teste de Mantel, o que demonstra a ocorrência de alta heterogeneidade florística mesmo entre áreas geográficas próximas. A flora da floresta da Serra das Almas apresentou maior semelhança com as formações encontradas no planalto da Ibiapaba. Resumo em inglês In the Brazilian semi-arid region, the flora in the sedimentary basins has been poorly studied, but the few surveys already done indicate great floristic and physiognomic heterogeneity. Even neighboring sites may be floristically different. To test this hypothesis, the floristic composition and the biological spectrum of the seasonal deciduous forest at Serra das Almas, Ceará, was analyzed and compared to those of 14 other northeastern Brazil sedimentary areas. A total o (mais) f 104 species belonging to 40 families were found at the 1 ha site. Fabaceae, Euphorbiaceae, Erythroxylaceae and Myrtaceae were the families with the most species and phanerophytes the main life form, comprising 87% of the species. About 72% of the species were trees and shrubs, 15% were lianas, 6% understory shrubs and 7% herbs. A cluster analysis of the woody flora of the 14 areas, using the Jaccard index and a posteriori group averages, indicated the formation of groups as a function of geographical proximity of the areas. However, this effect was not significant, according to the Mantel test, demonstrating floristic heterogeneity even in neighboring areas. The flora of the forest at Serra das Almas was most similar to that of the vegetation found atop the Ibiapaba plateau.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

23

Composição e estrutura da comunidade arbórea de uma floresta estacional decidual sobre afloramento calcário no Brasil central/ Composition and structure of an arboreal community in a decidous forest on limestone outcrop

Silva, Luciana Álvares da; Scariot, Aldicir
2004-02-01

Resumo em português A bacia do rio Paraná, localizada entre os Estados de Goiás e Tocantins, com 5.940.382 ha, apresenta alta diversidade de fitofisionomias, incluindo a floresta estacional decidual sobre afloramento calcário, que ainda não foi estudada nesta região. Este trabalho teve como objetivo o levantamento quantitativo em uma floresta estacional decidual sobre afloramento calcário (13º31'11" S e 46º29'48" W; 530 m de altitude) na fazenda São Vicente, São Domingos-GO. Para o (mais) levantamento foram demarcadas cinco linhas, a intervalos de 100 m, onde foram distribuídas, aleatoriamente, 25 parcelas de 20 x 20 m. Em cada parcela foram amostrados todos os indivíduos com diâmetro à altura do peito (DAP) igual ou maior que 5 cm, onde foram medidos o DAP e a altura e anotado o nome da espécie. Foram amostrados 896 indivíduos, sendo 860 vivos e 36 mortos, em 51 espécies, 41 gêneros e 25 famílias, com índice de diversidade de Shannon-Wienner de 3,18 e equabilidade de 0,81. As principais espécies em valor de importância (VI), não incluindo a categoria de indivíduos mortos, foram Pseudobombax tomentosum (36,39), Dilodendron bipinnatum (31,55), Tabebuia impetiginosa (26,66), Combretum duarteanum (18,38), Luehea divaricata (12,76), Cavanillesia arborea (12,52), Myracrodruon urundeuva (12,23), Chorisia pubiflora (12,21) e Acacia glomerosa (10,11), que juntas somaram 57,60% do VI total. A diversidade foi maior que a encontrada em outras áreas de afloramento na região. Resumo em inglês The Parana River basin (states of Goias and Tocantins, Brazil), with 5,940,382 ha, has a high diversity of phytophysiognomies, including the deciduous forest on limestone outcrops, which has not been studied yet in this region. In this paper we present the structure of an arboreal community in a deciduous forest on limestone outcrops (13º31'11" S and 46º29'48" W) in Sao Vicente Farm in the municipality of São Domingos, Goias, Brazil. Twenty-five plots of 20 m x 20 m (4 (mais) 00 m²) were randomly allocated on lines set 100 m apart. Trees with at least 5 cm of diameter at breast height (DBH) were tagged, measured, and identified to the species level. A total of 51 tree species, belonging to 41 genera and 25 families were registered among the 860 individuals sampled. These values are higher than those found for two other limestone outcrops in this region, except for density, probably as a consequence of the improved conservational status of this area. The species with the highest importance value (IV) were: Pseudobombax tomentosum (36.39), Dilodendron bipinnatum (31.55), Tabebuia impetiginosa (26.66), Combretum duarteanum (18.38), Luehea divaricata (12.76), Cavanillesia arborea (12.52), Myracrodruon urundeuva (12.23), Chorisia pubiflora (12.21) and Acacia glomerosa (10.11), comprising together 57.6% of total. Diversity was greater than that found in other outcrop areas in the region.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

24

Avaliação temporal da florística arbórea de uma floresta secundária no município de Viçosa, Minas Gerais/ Floristic of adult trees in a secondary forest in Viçosa, MG, Southeastern Brazil

Silva, Crodoaldo Telmo da; Reis, Geraldo Gonçalves dos; Reis, Maria das Graças Ferreira; Silva, Elias; Chaves, Rogério de Araújo
2004-06-01

Resumo em português Avaliou-se a composição florística, por um período de nove anos, em um fragmento de Floresta Estacional Semidecidual Secundária localizada no Município de Viçosa, Minas Gerais, com o objetivo de se avaliar a dinâmica da vegetação arbórea. A coleta dos dados dessa vegetação, com diâmetro à altura do peito (DAP a 1,3 m) igual ou superior a 5 cm, foi realizada em 10 locais, em parcelas permanentes. As espécies amostradas foram identificadas, sempre que possí (mais) vel, em níveis de família, gênero e espécie. Em nove anos de estudo foram amostradas 161 espécies, 114 gêneros e 48 famílias, sendo as famílias Leguminosae, Lauraceae, Euphorbiaceae, Myrtaceae, Flacourtiaceae e Meliaceae, as que tiveram a maior riqueza de espécies. O índice de diversidade de Shannon-Weaver variou de 2,26 a 3,65, quando analisado para cada local, e de 4,22 a 4,26 para o fragmento como um todo, ao longo de nove anos. O grupo ecológico que mais se destacou foi o das secundárias iniciais, seguido pelas secundárias tardias ou pelas pioneiras, a depender da abertura do dossel do local estudado, indicando que o fragmento se encontrava em estádio médio de sucessão. A variabilidade na composição florística em função dos locais estudados e na proporção de espécies em cada grupo ecológico era resultante das variações na intensidade da ação antrópica, bem como das condições fisiográficas, em especial exposição e declividade do terreno. Planos de manejo para essas florestas devem levar em conta essa variabilidade de condições ambientais. Resumo em inglês The floristic composition of a seasonal semi-deciduous secondary forest was evaluated every three years during a nine year period in a fragment of 196 ha located in Viçosa, MG (20º 45' Latitude South, 42º 55' Longitude West and altitude of 689,7 m), Southeastern Brazil, in the domain of the Atlantic Forest. A total of 161 tree species, 114 genera and 48 botanical families were recognized considering trees with DBH equal or greater than 5 cm. The families Legumi (mais) nosae, Lauraceae, Euphorbiaceae, Myrtaceae, Flacourtiaceae and Meliaceae exhibited the greatest species richness and most of them were initial secondary species. Shannon-Weaver diversity index varied from 2.26 to 3.65 when the analysis was made as a function of sites. It was observed a great variability in species composition among sites due to physiographic variation. The higher proportion of initial secondary species indicated that the forest fragment studied is in an intermediate stage of succession.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

25

Aspectos da composição e diversidade do componente arbóreo das florestas da Reserva Florestal do Morro Grande, Cotia, SP/ Tree species composition and diversity of the Morro Grande Forest Reserve, Cotia, SP, Brazil

Catharino, Eduardo Luís Martins; Bernacci, Luís Carlos; Franco, Geraldo Antonio Daher Correa; Durigan, Giselda; Metzger, Jean Paul
2006-01-01

Resumo em português Este trabalho procurou caracterizar a composição florística arbórea e comparar florestas secundárias e maduras da Reserva Florestal do Morro Grande (RFMG), em Cotia, região metropolitana de São Paulo. Discute-se, também, a classificação utilizada para denominar esta cobertura florestal e a importância da RFMG para conservação. Utilizou-se o método de pontos quadrantes, amostrando-se 2400 árvores em seis áreas, três localizadas em regiões com florestas se (mais) cundárias e três com predomínio de florestas mais conservadas ou maduras. Em cada local, levantaram-se 400 indivíduos arbóreos em 100 pontos-quadrantes, divididos em blocos de 25 pontos distantes 200 m uns dos outros. Os dados por áreas e blocos foram analisados através de agrupamento e ordenamento (UPGMA e DCA). Das 260 espécies arbóreas encontradas, apenas 12 foram amostradas nas seis áreas. A riqueza encontrada foi surpreendentemente alta quando comparada a outros levantamentos feitos na região. Os índices de diversidade de Shannon (H') situam-se entre os maiores para as florestas paulistas: 4,75 nats/indivíduo para a amostragem total; 4,25 para as três áreas secundárias; e 4,54 para as três áreas maduras. A amostra estratificada permitiu verificar a variação interna da floresta, revelando diferenças em riqueza e abundância entre os seis locais e os blocos de amostragem, em particular diferenciando as áreas secundárias e maduras. A DCA mostrou-se útil na detecção de espécies características dentro do gradiente sucessional. A floresta em geral pode ser classificada como "floresta ombrófila densa montana", com presença de espécies de florestas mistas, estacionais semideciduais e cerradão, o que parece confirmar a existência, no local, de um antigo "refúgio alto-montano" sob condições de climas mais secos no passado, assim como o caráter ecotonal das florestas da região. A riqueza e mistura de elementos de várias floras denotam a importância da conservação da Reserva Florestal do Morro Grande. Resumo em inglês The main objective of this study was to characterize the tree arboreal species composition and to compare secondary and mature forests of the Morro Grande Forest Reserve (Cotia, metropolitan region of São Paulo, Brazil). Based on this evaluation, we discuss the forest type classification and the conservation value of this Reserve. We used the point centered quarter method, sampling 2,400 trees in six different sites, three with secondary forests and three other ones with (mais) a predominance of mature forests. In each site, four blocks of 25 points were assessed, totalizing 100 points or 400 individuals. The blocks were 200 m apart from each other. Data were analyzed through cluster and Detrended Correspondence Analysis (DCA). Results showed differences among sites, essentially differentiating the secondary and mature sites. DCA and cluster analyses were particularly useful to detect characteristic species for these two main successsional stages. Among the 260 species observed, only 12 were sampled in the six sites. Richness and diversity were surprisingly high when compared with previous studies in the study region. The Shannon diversity values were among the highest in the state of São Paulo, with 4.75 nats/tree for the whole sampling, 4.25 nats/tree for the three secondary sites, and 4.54 nats/tree for the three mature sites. The studied forest may be essentially classified as "Dense Mountain Rain Forest" presenting species from the Araucaria mixed forest, and also from the semi-deciduous forest and Cerrado (woody savanna) region. Those results seem to confirm the hypothesis of a "high montane refuge" in drier climatic conditions in the past. The high richness and mixed composition of different floras highlighted the importance to preserve the Morro Grande forest.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)