Sample records for dbp
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 20 shown. Select sample records:



1

Comportamento cinético do cloro livre em meio aquoso e formação de subprodutos da desinfecção/ Kinetic behavior of free chlorine in the liquid phase and disinfection by-product (DBP) formation

Ferreira Filho, Sidney Seckler; Sakaguti, Mariane
2008-06-01

Resumo em português Uma das formas indiretas de previsão da potencialidade de uma determinada água natural formar subprodutos da desinfecção é mediante a avaliação do comportamento cinético do cloro livre na fase líquida e determinação de sua demanda para diferentes condições de operação do processo de cloração. Desta forma, o objetivo deste trabalho foi avaliar o comportamento cinético do cloro livre em meio aquoso para diferentes tipos de água bruta, bem como investigar (mais) o impacto do processo de coagulação na redução da demanda de cloro e na formação de subprodutos da desinfecção. Observou-se que, quanto maior for à remoção de carbono orgânico total (COT) pelo processo de coagulação menor será a demanda de cloro na fase líquida. A formação de THMs apresentou relação com a demanda de cloro, tendo sido esta da ordem de 28 mg/L para cada 1 mg Cl2/L de demanda de cloro observada. Resumo em inglês One indirect approach to predict the disinfection by-product (DBP) formation potential for a given water source is by evaluation of the kinetic behavior of free chlorine in the liquid phase and chlorine demand determination for different operation conditions of the chlorination process. The objective of this work was to evaluate the kinetic behavior of free chlorine in water or a number of different raw water sources, as well as to investigate the impact of the coagulatio (mais) n process on chlorine demand reduction and DBP formation. It was observed that the higher the total organic carbon (TOC) removal efficiency through coagulation, the lower the liquid phase chlorine demand. Regarding trihalomethane (THM) formation, a ratio of 28 ug/L formed per mg/L of applied chlorine was observed for the waters employed in the experimental investigation.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

Análises histopatológica e morfométrica no diagnóstico da "nova" displasia broncopulmonar e comparação clinicopatológica com a forma clássica da doença/ Histopathological and morphometric analysis in the diagnosis of "new" broncopulmonar dysplasia and clinical and pathological comparison with the classic form of the disease

Okamoto, Cristina Terumy; Bahr, João Augusto; Silva, Larissa Luvison Gomes da; Noronha, Lúcia de
2009-04-01

Resumo em português INTRODUÇÃO: A displasia broncopulmonar (DBP) continua sendo a principal complicação nos recém-nascidos (RN) prematuros. Com o uso de surfactante exógeno e da prevenção de doenças respiratórias no período neonatal a incidência de DBP clássica vem diminuindo, porém uma nova forma de DBP tem surgido, mais branda e associada aos desenvolvimentos pulmonar alveolar e vascular incompletos. Do ponto de vista anatomopatológico a DBP clássica é caracterizada por pr (mais) ocessos de lesão e reparação, e os achados da "nova" DBP são de hipoplasia alveolar com nenhuma fibrose. OBJETIVOS: Demonstrar as alterações histopatológicas e morfométricas em pulmões de prematuros que foram a óbito, com quadro clínico compatível com "nova" DBP, comparando-as com um grupo controle (sem DBP) e com a forma clássica da doença, além de correlacionar os três grupos com o tempo de uso de oxigênio entre outros fatores de risco da DBP. MATERIAL E MÉTODOS: A população foi composta por 59 amostras de pulmões de prematuros com idade gestacional (IG) menor que 34 semanas e submetidos à oxigenioterapia. Fatores de risco para DBP foram coletados por meio da revisão de prontuários. Amostras pulmonares foram separadas em dois grupos, o com DBP clássica e o sem DBP clássica. O segundo grupo foi então submetido à análise morfométrica para contagem do número de alvéolos, medidas as áreas e os perímetros dos alvéolos. Após esta análise a população estudada ficou dividida em grupo com DBP clássica; com "nova" DBP (casos com mais de sete dias de oxigenioterapia); e grupo controle ou sem DBP clássica ou "nova" (casos com menos de sete dias de oxigenioterapia). RESULTADOS: o primeiro grupo apresentava inflamação e fibrose septal evidentes. Já os segundo e terceiro grupos apresentavam alterações histopatológicas mínimas, sendo então necessária a análise morfométrica para separá-los. O grupo com "nova" DBP apresentou número de alvéolos, sua área e perímetro diminuídos (p Resumo em inglês INTRODUCTION: The Bronchopulmonary dysplasia (BPD) remains as a major complication in premature infants. The incidence of classic BPD has decreased due to the use of exogenous surfactant and prevention of respiratory diseases in the neonatal period. However, a new and milder form of BPD has appeared, which is associated with incomplete vascular and pulmonary alveolar development. Anatomopathologically, classic BPD is characterized by lesion and repair processeses and "new (mais) " BPD findings are alveolar hypoplasia with no fibrosis. OBJECTIVES: To demonstrate the morphometric and histopathological alterations in the lungs of deceased premature infants with clinical course consistent with the new BPD by comparing these changes with a control group (without BPD) and with its classic form. Furthermore, to correlate the three groups with the duration of oxygen therapy and other risk factors. METHODS: The population comprised 59 lungs samples from premature infants of gestational age lower than 34 weeks and that had undergone oxygen therapy. The risk factors for BPD were collected from the review of clinical records. The lungs samples were separated into 2 groups: 1 - with classic BPD and 2 - without classic BPD. Group 2 underwent morphometric analysis for alveoli counting and measurement of alveolar area and perimeter. Subsequently, the studied population was divided into: 1 - with classic BPD, 2 - with new BPD (cases with more than 7 days of oxygen therapy) and 3 - control group or without classic or new BPD (cases with less than 7 days of oxygen therapy). RESULTS: Group 1 (classic BPD) had inflammation and evident septal fibrosis. Groups 2 and 3 (new BPD and control) showed minimal histopathological alterations requiring morphometric analysis to separate them. Group 2 (new BPD) showed reduced number of alveoli, area and perimeter when compared with group 3 (control), p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

Avaliação da aptidão cardiorrespiratória de crianças com displasia broncopulmonar/ Cardiorespiratory capacity assessment on children with bronchopulmonary dysplasia

Abreu, LR; Costa-Rangel, RCA; Gastaldi, AC; Guimarães, RC; Cravo, SL; Sologuren, MJJ
2007-04-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar a aptidão cardiorrespiratória e verificar a presença de broncoespasmo induzido pelo exercício (BIE) em crianças com displasia broncopulmonar (DBP). MÉTODO: Foram realizadas prova de função pulmonar e análise de gases em um teste cardiopulmonar, em 46 crianças com idade entre 7 a 10 anos, formando três grupos: crianças nascidas pré-termo com DBP, (DBP, n= 13); crianças nascidas pré-termo sem DBP, (RNPT, n= 13); e crianças saudáveis nascid (mais) as a termo, (Controle, n= 20). RESULTADOS: A duração dos testes foi 7,70 ± 1,49; 9,1 ± 2,02 e 8,4 ± 2,12 min; o VO2máximo foi 35,98 ± 5,33; 38,99 ± 6,73 e 34,91 ± 6,09 ml/kg/min; e a VE foi 28,54 ± 7,39; 28,84 ± 5,98 e 28,96 ± 6,96 l/min para os grupos DBP, RNPT e Controle, respectivamente. Não foram encontradas diferenças significantes entre os grupos (p> 0,05). A FCmáxima foi 188 ± 9,37; 196 ± 5,15 e 197 ± 10,90 bpm; a taxa de troca gasosa máxima (R) foi 1,21 ± 0,22; 1,10 ± 0,06 e 1,05 ± 0,05 para os grupos DBP, RNPT e Controle, respectivamente, sendo esses valores diferentes entre o grupo Controle e DBP (p Resumo em inglês OBJECTIVE: To assess cardiorespiratory capacity and investigate the presence of exercise-induced bronchospasm among children with bronchopulmonary dysplasia. METHOD: Pulmonary function tests and gas analyses were performed in a cardiopulmonary test on 46 children aged 7-10 years. Three groups were formed: children born prematurely with bronchopulmonary dysplasia (BPD; n= 13), children born prematurely without bronchopulmonary dysplasia (Preterm; n= 13) and healthy childre (mais) n born at full term (Control; n= 20). RESULTS: The test duration was 7.70 ± 1.49; 9.1 ± 2.02 and 8.4 ± 2.12 min; VO2max was 35.98 ± 5.33; 38.99 ± 6.73 and 34.91 ± 6.09 ml/kg/min; and VE was 28.54 ± 7.39; 28.84 ± 5.98 and 28.96 ± 6.96 l/min for the BPD, Preterm and Control groups respectively. There were no significant differences between the groups (p> 0.05). The maximum heart rate was 188 ± 9.37; 196 ± 5.15 and 197 ± 10.90 beats/min and the respiratory exchange ratio (RER) was 1.21 ± 0.22; 1.10 ± 0.06 and 1.05 ± 0.05, for the BPD, Preterm and Control groups respectively, and there was a significant difference between the BPD and Control groups (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

4

Variabilidade da pressão arterial de consultório em pacientes com diabetes mellitus do tipo 1

Gomes, Marília de Brito; Silva Júnior, Gildásio R. da; Clemente, Eliete Leão da S.
1999-03-01

Resumo em português Objetivo: Analisar a associação da variabilidade da pressão arterial auscultatória sistólica (PAS) e diastólica (PAD) com variáveis clínicas do diabetes tipo 1 (DM1). Métodos: Foram estudados 58 pacientes com DM1 (33 mulheres) com 24,6±8,5 (9-43) anos e duração do diabetes de 8,4±6,6 (0,4-36) anos, sendo 46 adultos e 12 púberes. A PAS e a PAD foram aferidas em três diferentes dias na posição supina, antes e após 5 e 10 min de repouso, calculando-se o coe (mais) ficiente de variação médio (CVM) e intra-individual (CVI). Resultados; O CVM da PAS entre os diferentes tempos de aferição variou de 3,0 a 3,6% (adultos) e 3,3 a 4,6% (púberes) e o da PAD de 5,5 a 6,6% (adultos) e 6,3 a 7,4% (púberes).O CVM da PAS entre os diferentes dias de aferição variou de 6,4 a 6,8% (adultos) e 8,7 a 9,2% (púberes), sendo o CVI da PAS sem e após 5 min de repouso maior em púberes do que adultos, respectivamente (8,1 ±3,1 vs 5,3±4,1%; p=0,004) e (7,9±4,7 vs 5,2±3,7%; p=0,02) e apresentando uma maior correlação com a idade (PAS antes e após 5 min de repouso, respectivamente r= -0,34; r2= 0,12; p=0,007 e r= -0,31; r2= 0,09; p=0,01. O CVM da PAD entre os diferentes dias de aferição variou de 9,7 a 10,1% para os adultos e de 13 a 14,2% para os púberes. Nos adultos observamos diminuição da PAS e PAD entre os diferentes tempos de aferição e uma maior correlação entre duração do diabetes e PAS final após 5 min (r = 0,39; r2 = 0,15; p=0,007) e PAD após 10 min de repouso (r= 0,36; r2 = 0,13; p= 0,01). Conclusão: A variabilidade da PAS e PAD entre os diferentes dias e tempos de aferição observados neste estudo justificam a necessidade da realização de várias aferições após repouso de até 10 min em ambiente apropriado para o acompanhamento ambulatorial de rotina do paciente com DM1. Resumo em inglês Objective: To determine the relationship between the variability of office systolic (SBP) and diastolic (DBP) blood pressure with clinical variables of DM1. Methods: SBP and DBP were measured before and after 5 and 10 min of supine rest on three different days. The mean (CVM) and intrain-dividual (CVI) coefficients of variation for SBP and DBP were determined for the three different days and times of measurement. Results: The CVM of SBP for the three periods of measuremen (mais) t varied from 3.0 to 3.6% in adults and 3.3 to 4.6% in adolescents and for DBP from 5.5 to 6.6% in adults and 6.3 to 7.4% in adolescents. The CVM of SBP for the three days ranged from 6.4 to 6.8% in adults and 8.7 to 9.2% in adolescents with a higher CVI of SBP before and after 5 min of rest in adolescent than adult patients, respectively (8.1 ±3.1% vs 5.3±4.1%; p=0.004) and (7.9±4.7% vs 5.2±3.7%; p=0.02), which correlated with age: SBP before and after 5 min of rest (r= -0.34; r2= 0.12; p=0.007) and r= -0.31; r2=0.09; p=0.01), respectively. CVM for DBP varied from 9.7 to 10.1% in adults and 13 to 14.2% in adolescents. A decrease of SBP and DBP in the different periods of measurement was noted in adults with a correlation between duration of diabetes and SBP after 5 (r= 0.39; r2=0.15; p=0.007) and DBP after 10 min of rest (r= 0.36; r2= 0.13; p=0.01). Conclusion: The variability of SBP and DBP observed in this study during different days and times of determination supports the need for several measurements after a resting period (up to 10 min) in an adequate place, so that the routine evaluation of the diabetic patient can be accomplished properly.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

5

Crescimento de prematuros de extremo baixo peso nos primeiros dois anos de vida/ Growth of extremely low birth weight infants during the first two years of life

Rugolo, Ligia Maria S. S.; Bentlin, Maria Regina; Rugolo Junior, Antônio; Dalben, Ivete; Trindade, Cleide Enoir P.
2007-06-01

Resumo em português OBJETIVO: Analisar o padrão de crescimento de prematuros de extremo baixo peso (EBP) até 24 meses de idade corrigida, a influência da displasia broncopulmonar (DBP) e os fatores de risco para falha de crescimento. MÉTODOS: Coorte de prematuros (mais) eses de idade corrigida. Dentre 81 sobreviventes, 70 foram estudados e estratificados em dois grupos: DBP (n=41) e sem DBP (n=29). Foi realizada análise bivariada com teste t ou Mann-Whitney, qui-quadrado ou Exato de Fisher, e análise multivariada com regressão logística. RESULTADOS: Em ambos os grupos, o escore-z de peso diminuiu significantemente entre o nascimento e 40 semanas. Houve um pico de incremento nos escores-z de peso, comprimento e perímetro cefálico entre 40 semanas e três meses. No grupo sem DBP, os escores-z atingiram a faixa normal a partir dos seis meses e assim permaneceram até 24 meses de idade corrigida. Crianças com DBP tiveram menores escores-z de peso e perímetro cefálico no primeiro ano, mas equipararam-se às sem DBP no segundo ano de vida. A regressão logística mostrou que catch-down no escore-z de peso com 40 semanas foi fator de risco para falha de crescimento. CONCLUSÕES: Prematuros EBP apresentam catch-up precoce do crescimento nos primeiros dois anos. Crianças com DBP têm pior crescimento ponderal. A restrição do crescimento pós-natal prediz a falha de crescimento nos primeiros anos. Resumo em inglês OBJECTIVE: To evaluate the growth pattern of extremely low birth weight infants(ELBW) from birth to 24 months of adjusted gestational age (AA), the influence of bronchopulmonary dysplasia (BPD) and risk factors associated to growth failure. METHODS: This cohort study included all singleton inborn infants with birthweight (mais) 6, 9, 12, 18, 24 months AA, and Z-scores were calculated. Out of the 82 survivors, 70 were studied and classified in two groups: BPD (n=41) and no-BPD (n=29). Statistical analysis included t-test or Mann-Withney, chi-square or Fisher Exact test, and multivariate logistic regression. RESULTS: In both groups, weight z-score decreased significantly between birth and 40 weeks AA. A peak incremental change in weight, length and head circumference z-scores occurred between 40 weeks and three months. Z-scores for the no-BPD group were close to the expected values by the age of six months and remained at these levels at 24 months AA. Children with BPD had lower z-scores for weight and head circumference in the first year of life, but no difference was found between BPD and no-BPD children in the second year of life. Regression analysis showed that catch-down in weight z-score at 40 weeks was a risk factor for failure to thrive. CONCLUSIONS: ELBW infants experienced early catch-up growth during the first two years of life. ELBW with BPD had poor weight gain. Post-natal growth restriction predicts failure to thrive in infancy.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

6

Pressão arterial em adolescentes durante teste ergométrico/ Arterial blood pressure in adolescents during exercise stress testing

Becker, Mônica de Moraes Chaves; Silva, Odwaldo Barbosa e; Moreira, Isaura Elaine Gonçalves; Victor, Edgar Guimarães
2007-03-01

Resumo em português OBJETIVO: Descrever a resposta da pressão arterial em adolescentes submetidos ao teste de esforço. MÉTODOS: Foi realizado estudo transversal de 218 adolescentes entre 10 e 19 anos (131 do sexo masculino) submetidos a teste ergométrico, e descrita a freqüência cardíaca máxima, tempo de exercício, consumo máximo de oxigênio, pressão arterial sistólica (PAS) e diastólica (PAD) de repouso, no esforço máximo e aos seis minutos da recuperação. RESULTADOS: No r (mais) epouso, a PAS teve valores maiores no sexo masculino e a PAD não mostrou diferença entre os sexos, porém ambas aumentaram com a idade. No exercício ocorreu elevação da PAS e queda da PAD em ambos os sexos. A variação da PAS foi maior no sexo masculino, principalmente acima dos 14 anos. CONCLUSÃO: A análise dos resultados demonstrou que a PAS durante o exercício teve relação direta com idade, peso, altura e índice de massa corpórea do indivíduo e a PAD teve relação apenas com a idade. Resumo em inglês OBJECTIVE: Describe arterial blood pressure response in adolescents undergoing exercise stress testing. METHODS: This was a cross-sectional study conducted with 218 adolescents (131 of whom were males), aged between 10 to 19 years, undergoing exercise stress testing. Maximum heart rate, total exercise time, maximum oxygen uptake, systolic blood pressure (SBP) and diastolic (DBP) at rest, during maximal physical exertion and at six minutes of recovery were measured. RESULT (mais) S: At rest, SBP values were greater in males and no difference was found in DBP between genders, although both increased with age. During exercise, SBP rose and DBP fell in both genders. SBP variation was greater in men, particularly in those over 14 years of age. CONCLUSION: Analysis of results showed that during physical exercise, SBP had a direct relationship with the individual’s age, weight, height and body mass index, whereas DBP bore a relationship to age only.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

7

Avaliação neurológica de recém-nascidos pré-termo de muito baixo peso com displasia broncopulmonar/ Neurological assessment of very low birth weight infants with bronchopulmonary dysplasia

Souza, Tathiana Ghisi de; Stopíglia, Mônica Sanchez; Baracat, Emílio Carlos E.
2009-03-01

Resumo em português OBJETIVO: Descrever e comparar a avaliação neurológica e comportamental de recém-nascidos pré-termos com e sem displasia broncopulmonar (DBP). MÉTODOS: Recém-nascidos prematuros com peso ao nascer inferior a 1500g e idade gestacional menor de 32 semanas foram avaliados com 40 semanas de idade gestacional corrigida, no Centro de Atenção Integral à Saúde da Mulher da Universidade Estadual de Campinas. Utilizou-se a Avaliação Neurológica de Dubowitz, com 29 ite (mais) ns divididos em seis categorias: tônus, padrões de tônus, reflexos, movimentos, sinais anormais e comportamento. O estado de consciência do recém-nascido foi graduado segundo Brazelton (1973). Utilizaram-se os testes do qui-quadrado e exato de Fischer para variáveis qualitativas e o de Mann-Whitney para as numéricas não-paramétricas, com nível de significância de 5%. RESULTADOS: No período de janeiro de 2005 a setembro de 2007, 24 recém-nascidos, 12 com DBP e 12 controles, com idade gestacional ao nascer de 28±1 semana e peso de 884±202g no grupo com DBP e 31±1 semana e 1156±216g no Grupo Controle foram avaliados. Dos 29 itens avaliados, 18 foram homogêneos entre os grupos e a pontuação geral dos dois grupos não apresentou diferença (p=0,30). Observou-se maior anormalidade neurológica no grupo com DBP em oito itens e, no Grupo Controle, em três itens. CONCLUSÕES: A comparação da avaliação neurológica de Dubowitz de recém-nascidos pré-termos com e sem DBP não apresentou diferença significante com 40 semanas de idade gestacional corrigida. Nas categorias reflexos e postura/tônus, observou-se tendência a anormalidade no grupo DBP. Resumo em inglês OBJECTIVE: To compare the neurological assessment of preterm newborn infants with and without bronchopulmonary dysplasia (BPD). METHODS: Preterm newborn infants with birth weight less than 1,500g and gestational age less than 32 weeks were evaluated by Dubowitz Method at 40 weeks of corrected gestational age. All infants were assisted at Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), Campinas (SP), Brazil. Dubowitz Neurological Assessment comprised 29 items divided into six (mais) categories: tone, tone patterns, reflexes, movements, abnormal signs and behavior. Newborn behavioral state was graded in six degrees according to Brazelton (1973). Chi-square and Fisher exact tests were used for qualitative variables and Mann-Whitney for non-parametric numeric variables, with 5% significance level. RESULTS: From January of 2005 to September of 2007, 24 newborns were evaluated: 12 with BPD (mean gestational age and birth weight of 28±1 week and 884±202g) and 12 without BPD (31±1 week and 1156±216g). Out of the 29 items, 18 were homogeneous between the groups. The general score of the groups were similar (p=0.30). For eight items, BPD Group presented higher percentage of abnormalities. Infants without BPD had more abnormalities in three items. CONCLUSIONS: Dubowitz Neurological Assessment in preterm newborn infants with and without BPD did not present significant differences at 40 weeks of corrected gestational age. For reflex and posture/tone categories, there was a trend towards the presence of more abnormalities in the BPD Group.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

8

Fatores maternos e neonatais na incidência de displasia broncopulmonar em recém-nascidos de muito baixo peso/ Maternal and neonatal factors affecting the incidence of bronchopulmonary dysplasia in very low birth weight newborns

Cunha, Gicelle S.; Mezzacappa Filho, Francisco; Ribeiro, José D.
2003-11-01

Resumo em português OBJETIVO: Obter a incidência de displasia broncopulmonar (DBP); avaliar os fatores maternos e neonatais associados com a doença; determinar a correlação entre DBP e a evolução dos recém-nascidos. MÉTODOS: Os dados foram coletados prospectivamente de 153 recém-nascidos com peso de nascimento inferior a 1.500 g, nascidos em Campinas de setembro de 2000 a abril de 2002 e tratados no Hospital Universitário. Foram utilizados razão de taxas de incidências com interv (mais) alo de confiança de 95% (IC 95%), regressão Breslow-Cox, teste t de Student, regressão linear e teste exato de Fisher. RESULTADOS: Entre os 124 recém-nascidos que sobreviveram aos 28 dias de vida, 33 (26,6%) apresentavam DBP. Peso de nascimento Resumo em inglês OBJECTIVE: To determine the incidence of bronchopulmonary dysplasia, to identify maternal and neonatal factors associated with the disease, and to determine the correlation between bronchopulmonary dysplasia and the progress of newborns. METHODS: Data were prospectively collected on 153 infants born in Campinas (state of São Paulo, Brazil) from September 2000 to April 2002 weighing less than 1,500 g and treated at the University Hospital. The ratio of incidence rates wit (mais) h 95% CI, Breslow-Cox regression, Student's t test, linear regression and the Fisher's exact test were utilized. RESULTS: Among the 124 babies who survived until 28 days of age, 33 (26.6%) developed bronchopulmonary dysplasia. Birthweight

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

9

Efeitos cardiovasculares da abstinência do fumo no repouso e durante o exercício submáximo em mulheres jovens fumantes/ Cardiovascular effects of smoking abstinence at rest and during submaximal exercise in young female smokers

Pureza, Demilto Yamaguchi da; Sargentini, Lina; Laterza, Rose; Flores, Lucinar Jupir Forner; Irigoyen, Maria Cláudia; Angelis, Kátia de
2007-10-01

Resumo em português OBJETIVO: O objetivo do presente estudo foi verificar o efeito da abstinência do fumo nas respostas cardiovasculares ao exercício físico progressivo submáximo em mulheres sedentárias fumantes. MÉTODOS: A pressão arterial sistólica (PAS) e diastólica (PAD) e a freqüência cardíaca (FC) foram medidas de forma não invasiva em mulheres jovens não fumantes (MNF, n = 7) e fumantes (MF, n = 7), sem e com abstinência do fumo por 24 horas, em repouso, durante a reali (mais) zação do teste submáximo em bicicleta ergométrica e na recuperação. RESULTADOS: Em repouso, a PAD e a FC foram maiores nas MF (76 ± 1mmHg e 86 ± 5bpm) quando comparadas com as MNF (68 ± 2mmHg e 72 ± 2bpm). Após 24 horas sem o tabaco essas medidas foram normalizadas. Durante o exercício, a PAS e a FC aumentaram nos grupos estudados. A PAD foi maior nas MF (~15%) em relação às MNF em todos os estágios do exercício. Na situação de abstinência, a PAD aumentou somente no último estágio de exercício. Na recuperação tanto a PAD quanto a FC foram maiores nas MF, na situação basal e com abstinência de 24h, quando comparadas as MNF. CONCLUSÃO: Estes resultados demonstram que mulheres jovens fumantes apresentam prejuízo em parâmetros hemodinâmicos em repouso e em resposta ao exercício submáximo, os quais, podem ser em parte revertidos pela abstinência em curto prazo do uso do tabaco. Resumo em inglês OBJECTIVE: The objective of the present study was to verify the effect of tobacco smoking abstinence on cardiovascular responses to progressive submaximal physical exercise in sedentary female smokers. METHODS: Systolic blood pressure (SBP), diastolic blood pressure (DBP) and heart rate (HR) were non-invasively measured in young non-smoking women (NSW, n = 7) and smoking women (SW, n = 7), with and without tobacco abstinence for 24 hours, at rest, during the accomplishmen (mais) t of a submaximal bicycle ergometric test and recovery period. RESULTS: At rest, DBP and HR were higher in the SW group (76 ± 1 mmHg and 86 ± 5 bpm) when compared to the NSW group (68 ± 2 mmHg and 72 ± 2 bpm). After 24 hours of no tobacco use, the groups presented similar values. During exercise, SBP and HR increased in the studied groups. DBP was higher in the SW group (~15%) in relation to the NSW group in all periods of exercise training. In the abstinence period, DBP only increased in the last load of exercise. During recovery period, in basal condition and 24h-abstinence, both DBP and HR were higher in the SW group when compared to the NSW group. CONCLUSION: These results show that young female smokers present harmful consequences in hemodynamic parameters at rest and in response to submaximal exercise. These findings can be partly reverted by short-term abstinence from tobacco use.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

10

Modelo preditivo para displasia broncopulmonar ao final da primeira semana de vida/ Bronchopulmonary dysplasia prediction modelfor 7-day-old infants

Bhering, Carlos A.; Mochdece, Christieny C.; Moreira, Maria E. L.; Rocco, José R.; Sant'Anna, Guilherme M.
2007-04-01

Resumo em português OBJETIVO: Desenvolver um modelo preditivo capaz de identificar, ao final da primeira semana de vida, os recém-nascidos prematuros com maior probabilidade de evoluir para displasia broncopulmonar (DBP). MÉTODOS: Os dados foram coletados retrospectivamente entre janeiro de 1998 e julho de 2001, e prospectivamente de agosto de 2001 a julho de 2003. Foram incluídas todas as crianças nascidas na Instituição, com idade gestacional (mais) g. Os principais fatores de risco foram submetidos inicialmente a uma análise univariada, seguida de regressão logística. As variáveis significativas foram utilizadas na montagem da fórmula para cálculo da probabilidade de ocorrência de DBP. O modelo foi calibrado, e a discriminação avaliada pela curva ROC. De agosto de 2003 a julho de 2005, o modelo foi aplicado em outra população para validação. RESULTADOS: Foram incluídas 247 crianças, das quais 68 evoluíram para DBP, sendo divididas da seguinte maneira: leve = 35 (51,4%), moderada = 20 (29,4%) e grave = oito (11,7 %). Quatro variáveis mantiveram significância em relação à DBP: idade gestacional 2 dias e perda de > 15% do peso de nascimento no sétimo dia de vida. Nos pacientes com todas as variáveis presentes, o modelo permitiu uma probabilidade de acerto de 93,7%. Valores semelhantes foram obtidos com as 61 crianças utilizadas na validação do modelo. CONCLUSÕES O modelo preditivo desenvolvido em nossa população foi capaz de identificar com elevado grau de sensibilidade, ao final da primeira semana de vida, os recém-nascidos sob maior risco de evoluir para DBP. Resumo em inglês OBJECTIVE: To develop a predictive model capable of identifying which premature infants have the greatest probability of presenting bronchopulmonary dysplasia (BPD), based on assessment at the end of their first week of life. METHODS: Data were collected retrospectively from January 1998 to July 2001, and prospectively from August 2001 to July 2003. All children born at the institution with gestational age (mais) risk factors for BPD were subjected to univariate analysis followed by logistic regression. Significant variables were used to construct a formula to calculate the probability of BPD. The model was calibrated and its discriminative power assessed using receiver operating characteristic (ROC) curves. Between August 2003 and July 2005 the model was then applied to a different population for validation. RESULTS: The sample comprised 247 children, of whom 68 developed BPD, classified as follows: mild = 35 (51.4%), moderate = 20 (29.4%) and severe = 8 (11.7 %). Four variables maintained significance with relation to BPD: gestational age 2 days and loss of > 15% of birth weight on the seventh day of life. Where patients exhibited all of these variables, the model had a 93.7% probability of being correct. The model was further validated when using another sample of 61 newborns; similar figures were obtained. CONCLUSIONS: At the end of the first week of life, the predictive model developed from our population was capable of identifying newborn infants at increased risk of developing BPD with a high degree of sensitivity.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

11

Pressão arterial: efeito do índice de massa corporal e da circunferência abdominal em adolescentes/ Blood pressure: effect of body mass index and of waist circumference on adolescents

Guimarães, Isabel Cristina Britto; Almeida, Alessandro Moura de; Santos, Adiméia Souza; Barbosa, Daniel Batista Valente; Guimarães, Armênio Costa
2008-06-01

Resumo em português FUNDAMENTO: Aumento do índice de massa corporal (IMC) e da circunferência abdominal (CA) tem sido associado a elevação da pressão arterial. OBJETIVO: Avaliar o efeito do IMC e da CA sobre a pressão arterial (PA) de adolescentes. MÉTODOS: Estudo analítico de corte transversal. Selecionados 536 adolescentes, alunos de escolas públicas e privadas. Foram calculados IMC, classificado como normal alto (>p50 p85 p95). Mediu-se a CA (mais) , aumentada se>p75 e a PA, elevada se >p90. RESULTADOS: Trezentos e dezenove (59,5%) indivíduos eram meninas, idade de 14,0± 1,99 anos, peso normal alto em 39,6%, sobrepeso em 37,1% e obesidade em 23,3%. O percentual de PAS e PAD elevadas acompanhou a elevação do IMC (p=0,000), alcançando 46,4% nos meninos e 39,3% nas meninas obesas (PAS) e 42,0% e 44,6% (PAD), respectivamente. PAS e PAD elevadas foram 3,9 a 3,4 vezes mais freqüente nos meninos, e 2,2 a 2,0 vezes mais nas meninas com CA > p75, respectivamente. Pela análise de regressão linear simples cada aumento no IMC aumentaria a PAS em 1,198 mmHg e da CA em 0,622 mmHg. A razão de prevalência (RP) de PAS e PAD elevadas em razão do IMC>p85 foi 3,9(I.C. 95% 2,0-7,4[p=0,000]) e 4,3(I.C. 95% 2,2-8,5[p=0,000]), respectivamente, e em razão da CA>p75 de 1,8(IC 95% 1,0 a 3,0 [p=0,036]) e 1,4(IC 95% 0,8 a 2,4). Encontrou-se em 16/181(8,8%) dos adolescentes com peso normal alto, PA>P90 com CA>p75. CONCLUSÃO: Os valores do IMC e da CA têm forte influência sobre os valores da PA de adolescentes. Resumo em inglês BACKGROUND: Increased body mass index (BMI) and waist circumference (WC) have been associated with blood pressure elevation. OBJECTIVE: To evaluate the effect of BMI and WC on blood pressure (BP) of adolescents. METHODS: Cross-sectional analytical study including 536 adolescents from public and private schools. BMI was calculated and classified as high-normal (> 50th p and 85th p and 95th p). WC was measured and considere (mais) d increased if > 75th p. BP was considered elevated if > 90th p. RESULTS: 319 (59.5%) adolescents were girls, the mean age was 14.0± 1.99 years, high-normal weight was found in 39.6%, overweight in 37.1% and obesity in 23.3%. The percentage of high SBP and DBP followed the increase in BMI (p=0.000), reaching 46.4% among boys and 39.3% among obese girls for SBP and 42.0% and 44.6% for DBP, respectively. High SBP and DBP were 3.9 and 3.4 times more frequent among boys and 2.2 to 2.0 times more frequent among girls with WC > 75th p, respectively. Using simple linear regression analysis, each increment in BMI would increase SBP by 1.198 mmHg, and in WC by 0.622 mmHg. The PR for elevated SBP and DBP in relation to BMI > 85th p was 3.9 (95% CI 2.0-7.4[p=0.000]) and 4.3(95% CI 2.2-8.5[p=0.000]), respectively; in relation to WC > 75th p was 1.8(95% CI 1.0 to 3.0 [p=0.036]) and 1.4 (95% CI 0.8 to 2.4). BP > 90th p with WC

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

12

Efeitos do salbutamol e do formoterol sobre pressão arterial, frequência cardíaca e saturação de oxigénio em asmáticos, durante uma hora/ One hour effects of salbutamol and formoterol on blood pressure, heart rate and oxygen saturation in asthmatics

Capuchinho-Júnior, Geraldo Andrade; Dias, Ricardo Marques; Carvalho, Sônia Regina da Silva de
2008-06-01

Resumo em português Objectivo: Analisar os possíveis efeitos do uso de β -2 -agonistas, de curta e longa duração, nas pressões arteriais sistólica (PAS) e diastólica (PAD), na saturação parcial de oxigénio (SpO2) e na frequência cardíaca (FC), durante o período de uma hora. Material e métodos: Vinte e quatro doentes com asma persistente grave, em tratamento no ambulatório de Pneumologia do Hospital Universitário Gaffrée e Guinle, foram seleccionados para um ensaio clíni (mais) co sequencial e cruzado. Os valores da PAS, PAD, SpO2 e FC foram registados antes e após o uso de broncodilatadores, salbutamol 400 µg e formoterol 12 µg, em dias diferentes, com intervalo mínimo de 24 horas. Resultados: Todos os doentes apresentaram distúrbio ventilatório obstrutivo, identificado pela redução da relação entre o volume expiratório forçado no primeiro segundo (VEMS) e a capacidade vital forçada (CVF). Após o uso de substância broncodilatadora, não houve variação significativa nas PAS e PAD, nem na FC; porém, a SpO2 aumentou com o uso de salbutamol. Conclusão: Não foram observadas alterações hemodinâmicas significativas após o uso de salbutamol e formoterol nas doses preconizadas. Resumo em inglês Aim: To analyse systolic (SBP) and diastolic blood pressure (DBP), partial oxygen saturation (SpO2) and heart rate (HR) disorders for an hour after short and long acting ß2-agonists. Material and methods: Twenty-four severe persistent asthma Pulmonology outpatients at Hospital Universitário Gaffrée e Guinle were selected. SBP, DBP, SpO2 and HR values were determined before and after 400 µg of salbutamol and 12 µg of formoterol, on different days, with a minimum inter (mais) val of 24 hours. Results: All patients showed ventilatory obstruction, as seen by a reduced FEV1/FVC ratio. There was no statistical SBP/DBP/HR difference after bronchodilator agents, but SpO2 increased with salbutamol. Conclusion: A standard dose of salbutamol and formoterol does not cause haemodynamic disorder.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

13

Determinação da idade fetal por meio da técnica ultra-sonográfica de fetometria e de morfologia fetal em cabras/ Determination of fetal age in goats by real-time ultrasound fetometry and fetal morphology

Léga, E.; Toniollo, G.H.; Oliveira, J.A.; Resende, K.T.; Rodrigues, V.
2007-08-01

Resumo em português Utilizaram-se 13 cabras gestantes da raça Saanen, para estudo das características da gestação a partir do 60º dia, segundo as técnicas de fetometria e avaliação morfológica fetal, utilizando-se ultra-sonografia em modo-B. Analisaram-se: diâmetro orbital (DO), diâmetro interorbital (DIO), diâmetro biorbital (DBO), diâmetro biparietal (DBP), comprimento do fêmur (CF), comprimento da tíbia (CT), comprimento do rádio (CR), diâmetro do tórax (DT), diâmetro a (mais) bdominal transversal (DAT), diâmetro abdominal anteroposterior (DAP), diâmetro occípito-frontal (DOF), diâmetro transversal renal (RIMT), diâmetro longitudinal renal (RIML), comprimento da escápula (ESC), comprimento do metacarpo (MEC), medida da pelve (COX) e comprimento do úmero (CU). As médias dos valores achados foram correlacionadas com a idade fetal. As equações de regressão inversa foram criadas para cada parâmetro, sendo que DBP (R²=0,93), CF (R²=0,95), CU (R²=0,96), DO (R²= 0,84) e DAT (R²= 0,91) foram as variáveis de melhor correlação estatística, cuja equação pode ser representada pela fórmula: idade fetal = 34,5 + 4,8DBP + 9,9 CF - 7,5 CU - 2,3 DO + 6,1 DAT. Resumo em inglês Fetal morphology analysis and real-time ultrasound techniques were used on 13 pregnant Saanen goats for studying the gestational characteristics. Analysis began on the 60th day of pregnancy and the parameters observed were: orbital diameter (OD), inter-orbiall diameter (IOD), bi-orbital diameter (BOD), bi-parietal diameter (BPD), femoral length (FL), tibial length (LT), radius length (RL), thoracic diameter (TD), transversal abdominal diameter (TAD), anteroposterior abdom (mais) inal diameter (APAD), occipital-frontal diameter (OFD), transversal renal diameter (TRD), longitudinal renal diameter (LRD), scapular length (SL), metacarpal length (ML), pelvic length (PL) and humeral length (HL). Mean values were correlated to fetal age and inverse regression equations were created for each parameter. Results obtained showed BPD (R²=0.93), FL (R²=0.95), HL (R²=0.96), OD (R²= 0.84) and TAD (R²= 0.91) as the parameters with better statistical correlation to fetal age using the equation: Fetal age = 34.5 + 4.8BPD + 9.9 FL - 7.5 HL - 2.3 OD + 6.1 TAD.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

14

Análise da variabilidade da freqüência cardíaca em pacientes hipertensos, antes e depois do tratamento com inibidores da enzima conversora da angiotensina II/ Analysis of heart rate variability in hypertensive patients before and after treatment with angiotensin II-converting enzyme inhibitors

Menezes Júnior, Antônio da Silva; Moreira, Humberto Graner; Daher, Murilo Tavares
2004-08-01

Resumo em português OBJETIVO: Comparar a variabilidade de freqüência cardíaca em indivíduos normotensos e hipertensos e observar o comportamento do sistema nervoso autônomo após terapia com inibidores da enzima conversora de angiotensina II. MÉTODO: Estudados 286 pacientes com diagnóstico de hipertensão arterial, pela 1ª vez, e divididos em 4 grupos, conforme a pressão arterial diastólica (PAD): grupo A - PAD(mais) - PAD>110 mmHg. Os pacientes do grupo A (normais) e do grupo C (HA moderada), somando 110 e 79 pacientes, respectivamente, submeteram-se ao Holter-ECG 24h com análise de variabilidade de freqüência cardíaca no domínio do tempo (DT) e no domínio da freqüência (DF). O grupo C foi tratado com inibidores da ECA durante 3 meses, e após esse período novamente avaliado com Holter-ECG 24h e variabilidade da freqüência cardíaca, e os valores comparados com os normotensos. RESULTADOS: Os parâmetros SDNN, PNN50 (DT) e o espectro LF (DF) foram significativamente diferentes para os dois grupos, com valores notadamente diminuídos em hipertensos (p Resumo em inglês OBJECTIVE: To compare heart rate variability in normotensive and hypertensive individuals and to observe the behavior of the autonomic nervous system after treatment with angiotensin II-converting enzyme inhibitors. METHOD: The study comprised 286 patients diagnosed with arterial hypertension (AH) for the first time and divided into 4 groups according to diastolic blood pressure (DBP) levels: group A - DBP(mais) up D - DBP>110 mmHg. Group A (110 healthy individuals) and group C (79 patients with moderate AH) underwent 24-hour Holter-ECG with analysis of heart rate variability in time domain (TD) and frequency domain (FD). The group C patients were treated with ACE inhibitors for 3 months, and, after this period, they underwent a new 24-hour Holter-ECG study for assessing heart rate variability, the values being compared with those of normotensive individuals. RESULTS: The SDNN and PNN50 parameters (TD), and the LF spectrum (FD) were significantly different in the 2 groups, with clearly reduced values in hypertensive individuals (P

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

15

Redução dos níveis pressóricos em indivíduos hiper-reativos após treinamento físico aeróbio/ Blood pressure reduction in hyper-reactive individuals after aerobic exercise

Richter, Cleusa Maria; Panigas, Tiago Facchini; Bündchen, Daiana Cristine; Dipp, Thiago; Belli, Kalyse Claudino; Viecili, Paulo Ricardo Nazário
2010-08-01

Resumo em português FUNDAMENTO: Alguns indivíduos normotensos sedentários têm aumento exagerado da pressão arterial (PA) durante a atividade física, comportamento esse chamado hiper-reatividade pressórica (HP). OBJETIVO: Verificar o efeito de um programa de exercício físico (PEF) aeróbio sobre a pressão arterial de indivíduos com hiper-reatividade pressórica. MÉTODOS: Dez homens voluntários com HP, 45 ± 10 anos, chamados grupo experimental (GE), foram submetidos a um PEF em es (mais) teira, 3x/semana, durante dois meses, comparados a 14 homens com HP, 48 ± 8 anos, chamados grupo controle (GC), que se mantiveram sedentários. Os indivíduos foram avaliados antes e depois do PEF por teste de esforço para fins comparativos. Foram avaliadas as pressões arteriais sistólica (PAS) e diastólica (PAD) e as frequências cardíacas (FC) inicial, de pico e final de teste. RESULTADOS: Houve importante diminuição da PAS inicial (-5 %; p=0,01), da PAD inicial (-4,6 %; p=0,01), da PAS de pico (-12,4 %; p=0,001), da PAD de pico (-14,7%; p=0,03), e da PAS final (-4,6 %; p=0,03) no GE. O GC permaneceu com comportamento hiper-reativo, tendo evoluído com níveis mais exagerados quando comparados pré e pós-estudo (p Resumo em inglês BACKGROUND: Some normotensive sedentary individuals have an exaggerated increase in blood pressure (BP) during physical activity, which is a behavior that is called blood pressure hyper-reactivity. OBJECTIVE: To investigate the effect of an aerobic exercise program (AEP) on blood pressure in individuals with blood pressure hyper-reactivity (BPH). METHODS: Ten male volunteers with BPH, aged 45 ± 10 years, referred to as the experimental group (EG), took part in an AEP on (mais) a treadmill, 3 times a week for two months. They were compared to 14 men with BPH, aged 48 ± 8 years, referred to as the control group (CG), who remained sedentary. The subjects were evaluated before and after the AEP by stress test for comparison purposes. We evaluated the initial, peak and test-end heart rates (HR), systolic blood pressure (SBP) and diastolic blood pressure (DBP). RESULTS: There a significant decrease in the initial SBP (-5%; p=0.01), initial DBP (-4.6%; p=0.01), peak SBP (-12.4%; p=0.001), peak DBP (-14.7%; p=0.03), final SBP (-4.6%, p=0.03) in the EG. The CG continued with its hyper-reactive behavior, which evolved to more exaggerated levels when the results before and after the study were compared (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

16

Efeito do exercício físico e do polimorfismo T-786C na pressão arterial e no fluxo sanguíneo de idosas/ Effect of physical activity and t-786C polymorphism in blood pressure and blood flow in the elderly/ Efecto del ejercicio físico y del polimorfismo T-786C en la presión arterial y en el flujo sanguíneo de añosas

Zago, Anderson Saranz; Kokubun, Eduardo; Fenty-Stewart, Nicola; Park, Joon-Young; Attipoe, Selasi; Hagberg, James; Brown, Michael
2010-10-01

Resumo em português FUNDAMENTO: O polimorfismo T-786C do gene da sintetase do óxido nítrico endotelial (eNOS) e a produção de ânion superóxido podem diminuir a produção e biodisponibilidade do óxido nítrico, comprometendo o grau de vasodilatação, podendo este efeito ser revertido pelo exercício físico. OBJETIVO: Investigar a influência do treinamento aeróbico e do polimorfismo T-786C nas concentrações dos metabólitos do óxido nítrico (NOx), no fluxo sanguíneo (FS) e na (mais) pressão arterial (PA). MÉTODOS: Trinta e duas idosas pré-hipertensas (59 ± 6 anos) foram separadas em dois grupos de acordo com o polimorfismo T-786C (TT e TC+CC). Foram analisadas as concentrações de NOx (plasma) e fluxo sanguíneo por pletismografia de oclusão venosa em repouso, 1, 2 e 3 minutos pós-oclusão (FS-0, FS-1, FS-2, FS-3, respectivamente). As avaliações foram realizadas antes e após 6 meses de um programa de exercício aeróbico. RESULTADOS: Nas avaliações pré-treinamento, os níveis de NOx foram menores no grupo TC+CC em relação ao grupo TT. O grupo TT apresentou correlações entre NOx e FS-0 (r = 0,6) e pressão arterial diastólica (PAD) e FS-0 (r = -0,7), porém nenhuma correlação foi encontrada no grupo TC+CC. Nas avaliações pós-treinamento, ocorreram correlações entre NOx e FS-0 (r = 0,6) e nas mudanças do NOx e PAD (r = -0,6) no grupo TT. Também foram obtidas correlações entre PAD e FS-1 (r = -0,8), PAD e FS-2 (r = -0,6), PAD e FS-3 (r = -0,6), nas mudanças entre NOx e FS-1 (r = 0,8) e mudanças do NOx e PAD (r = -0,7) no grupo TC+CC. CONCLUSÃO: Conclui-se que 6 meses de exercício aeróbico podem contribuir para aumentar as relações existentes entre NO, PA e FS em idosas portadores do alelo C. Resumo em espanhol FUNDAMENTO: El polimorfismo T-786C del gen de la sintetasa del óxido nítrico endotelial (eNOS) y la producción de anión superóxido pueden disminuir la producción y biodisponibilidad del óxido nítrico, comprometiendo el grado de vasodilatación, pudiendo este efecto ser revertido por el ejercicio físico. OBJETIVO: Investigar la influencia del entrenamiento aeróbico y del polimorfismo T-786C en las concentraciones de los metabolitos del óxido nítrico (NOx), en e (mais) l flujo sanguíneo (FS) y en la presión arterial (PA). MÉTODOS: Treinta y dos añosas prehipertensas (59 ± 6 años) fueron separadas en dos grupos de acuerdo con el polimorfismo T-786C (TT y TC+CC). Fueron analizadas las concentraciones de NOx (plasma) y flujo sanguíneo por pletismografía de oclusión venosa en reposo, 1, 2 y 3 minutos post oclusión (FS-0, FS-1, FS-2, FS-3, respectivamente). Las evaluaciones fueron realizadas antes y después de 6 meses de un programa de ejercicio aeróbico. RESULTADOS: En las evaluaciones pre entrenamiento, los niveles de NOx fueron menores en el grupo TC+CC en relación al grupo TT. El grupo TT presentó correlaciones entre NOx y FS-0 (r = 0,6) y presión arterial diastólica (PAD) y FS-0 (r = -0,7), sin embargo ninguna correlación fue encontrada en el grupo TC+CC. En las evaluaciones post entrenamiento, ocurrieron correlaciones entre NOx y FS-0 (r = 0,6) y en los cambios del NOx y PAD (r = -0,6) en el grupo TT. También fueron obtenidas correlaciones entre PAD y FS-1 (r = -0,8), PAD y FS-2 (r = -0,6), PAD y FS-3 (r = -0,6), en los cambios entre NOx y FS-1 (r = 0,8) y cambios del NOx y PAD (r = -0,7) en el grupo TC+CC. CONCLUSIÓN: Se concluye que 6 meses de ejercicio aeróbico pueden contribuir a aumentar las relaciones existentes entre NO, PA y FS en añosas portadoras del alelo C. Resumo em inglês BACKGROUND: The T-786C polymorphism of the gene for endothelial nitric oxide synthase (eNOS) and superoxide anion production may reduce production and bioavailability of nitric oxide, affecting the degree of vasodilation. This effect can be reversed by exercise. OBJECTIVE: To investigate the influence of aerobic training and T-786C polymorphism in the concentrations of nitric oxide metabolites (NOx) in blood flow (BF) and blood pressure (BP). METHODS: Thirty-two elderly p (mais) re-hypertensive women (59 ± 6 years old) were divided into two groups according to the T-786C polymorphism (TT and TC + CC). We analyzed the concentrations of NOx (plasma) and blood flow by venous occlusion plethysmography at rest, 1, 2 and 3 minutes post-occlusion (BF-0, BF-1 BF-2 BF-3, respectively). Evaluations were performed before and after 6 months of a program of aerobic exercise. RESULTS: In the pre-training evaluations, NOx levels were lower in TC + CC group than in TT group. The TT group showed correlations between NOx and BF-0 (r = 0.6) and diastolic blood pressure (DBP) and BF-0 (r = -0.7), but no correlation was found in TC + CC group. In the post-training evaluations, there were correlations between NOx and BF-0 (r = 0.6) and the changes in NOx and DBP (r = -0.6) in TT group. There were also correlations between DBP and BF-1 (r = -0.8), DBP, and BF-2 (r = -0.6), DBP, and BF-3 (r = -0.6), in the changes between NOx and BF-1 (r = 0.8) and changes in NOx and DBP (r = -0.7) in TC + CC group. CONCLUSION: It was concluded that 6 months of aerobic exercise can increase the relationship between NO, BP and BF in elderly of allele C carriers.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

17

Avaliação de diferentes vias vacinais para vacinação contra o vírus da doença de Newcastle em aves de fundo de quintal/ Assessment of different vaccination approaches against Newcastle disease virus in domestic backyard poultry

Câmara, S.R.; Cardoso, W.M.; Teixeira, R.S.C.; Romão, J.M.; Siqueira, A.A.; Salles, R.P.R.; Silva, E.E.; Nogueira, G.C.; Campello, C.C.; Sousa, F.M.; Moraes, T.G.V.
2009-12-01

Resumo em português Foram avaliadas três vias de aplicação vacinal contra o vírus da doença de Newcastle em aves de criatório de fundo de quintal (AFQ) jovens e adultas. Um total de 135 AFQ foram distribuídas em tratamentos distintos de acordo com a via vacinal: via ocular (VO), água de bebida (VAB) e alimentar (VA). Cada tratamento foi representado por 40 aves (20 jovens e 20 adultas) e utilizou-se um grupo-controle de 15 aves não vacinadas. O programa de vacinação estabelecido c (mais) onstou de uma primovacinação e dois reforços vacinais, utilizando-se a cepa La Sota. Para aves jovens, os títulos obtidos pelas VO e VAB não diferiram aos 15, 45 e 140 dias, mas houve diferenças nos títulos das aves vacinadas pela VA. Nas aves adultas, a vacinação pela VO apresentou resultados mais elevados que as vacinações pelas VAB e VA na primeira resposta, aos 15 dias. Aos 45 dias, os títulos obtidos pela VAB foram mais baixos que os obtidos pela VO, e, aos 140 dias, não houve diferença entre as três vias avaliadas. Concluiu-se que as vacinações pelas VO e VAB constituem alternativas eficazes para vacinação de AFQ jovens e adultas. Resumo em inglês Three ways of vaccination against Newcastle Disease Virus (NDV) were evaluated in young and adults domestic backyard poultry (DBP). A total of 135 DBP was submitted to three different administration routes of ND vaccine: eye-drop, drinking water, and feed. Each treatment consisted of 40 birds (20 young and 20 adult) and a control group of 15 unvaccinated birds. The treatment consisted of a first vaccination and two boosters, using La Sota strain. For young birds, the eye- (mais) drop and drinking water vaccinations presented no differences at 15, 45, and 140 days, differing from the titers obtained by birds treated by feed vaccination method. In the adult birds, the eye-drop administration presented higher titers than by drinking water and feed approaches in the first response to the vaccination at 15 days. At 45 days, the results obtained by the drinking water had lower titers than those from the eye-drop. The three vaccination methods presented no difference at 140 days. In conclusion, the vaccination by eye-drop and drinking water methods constituted an efficient alternative of vaccination for adult and young DBP against Newcastle virus.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

18

Validação do esfigmomanômetro aneroide Missouri para medir pressão arterial em pacientes com câncer/ Validation of Missouri aneroid sphygmomanometer to measure blood pressure in patients with cancer

Ferreira, Karine Azevedo São Leão; Santos, Ana Claúdia dos; Arthur, Thais Cardoso; Santos, Daniela Aparecida A. dos; Pereira, Daniela; Freitas, Elizângela Oliveira; Fukuda, Fernanda Medeiros; Baia, Wânia Regina Mollo
2010-08-01

Resumo em português FUNDAMENTO: Os esfigmomanômetros auscultatórios de coluna de mercúrio para medida de pressão arterial (PA) vêm sendo banidos dos serviços de saúde em razão do risco de poluição e acidentes ambientais com o mercúrio. Os aparelhos aneroides poderiam ser uma alternativa. OBJETIVO: Validar o aparelho aneroide Missouri® de medida de pressão arterial em pacientes com câncer segundo o protocolo da European Society of Hypertension (ESH). MÉTODOS: Foram avaliados 33 (mais) pacientes internados ou em acompanhamento ambulatorial no Instituto do Câncer do Estado de São Paulo, da FMUSP. Foram realizadas nove medidas sequenciais da pressão arterial por três observadores treinados e cegados, sendo intercaladas as medidas com os aparelhos de coluna de mercúrio e aneroide. As diferenças entre os valores das pressões arteriais sistólicas (PAS) e diastólicas (PAD) do aparelho teste com o de mercúrio foram classificadas segundo o protocolo da ESH. RESULTADOS: O equipamento Missouri® passou por todas as três fases exigidas pelo protocolo da ESH para PAS e PAD, sendo aprovado em todas. A média da diferença entre o teste e mercúrio foi de 0,62 (DP=4,53) e 0,06 (DP=6,57) mmHg para a PAS e PAD, respectivamente. Não foi observada associação entre as diferenças nas medidas da PA com sexo, idade, índice de massa corpórea e circunferência e comprimento braquial. CONCLUSÃO: Os resultados mostraram que o aparelho aneroide Missouri® atende às recomendações de acurácia da ESH para a medida da PAS e PAD, podendo ser utilizado para substituir o esfigmomanômetro de mercúrio. Resumo em inglês BACKGROUND: Auscultatory mercury sphygmomanometers to measure blood pressure (BP) have been banned from health services because of risk of pollution and environmental accidents with mercury. Aneroid appliances could be an alternative. OBJECTIVE: To validate the MissouriTM aneroid device for blood pressure measurement in cancer patients according to the protocol of the European Society of Hypertension (ESH). METHODS: 33 patients hospitalized or under outpatient care at the (mais) Cancer Institute of the State of São Paulo, FMUSP, were evaluated. Three trained and blinded observers performed nine sequential blood pressure measurements interspersed with the mercury sphygmomanometers. The differences between the values of systolic blood pressure (SBP) and diastolic blood pressure (DBP) of the test device with the mercury sphygmomanometer were classified according to the ESH protocol. RESULTS: The MissouriTM equipment underwent all three phases required by the ESH Protocol for SBP and DBP, and it was approved in all of the phases. The average difference between the test device and the mercury sphygmomanometer was 0.62 (SD = 4.53) and 0.06 (SD = 6.57) mmHg for SBP and DBP, respectively. No association was found between the differences in BP measurements with sex, age, body mass index and arm circumference and length. CONCLUSION: The results revealed that the aneroid MissouriTM device meets ESH accuracy recommendations for the measurement of SBP and DBP, and it can be used to replace the mercury sphygmomanometer.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

19

Uma análise entre índices pressóricos, obesidade e capacidade cardiorrespiratória em escolares/ Comparison analysis of blood pressure, obesity, and cardio-respiratory fitness in schoolchildren

Burgos, Miria Suzana; Reuter, Cézane Priscila; Burgos, Leandro Tibiriçá; Pohl, Hildegard Hedwig; Pauli, Liane Teresinha Schuh; Horta, Jorge André; Reckziegel, Miriam Beatris; Franke, Silvia Isabel Rech; Prá, Daniel; Camargo, Marcelo
2010-06-01

Resumo em português FUNDAMENTO: Durante a infância e adolescência, o sedentarismo, o excesso de peso e a alimentação inadequada são fatores de risco para doenças crônicas, sobretudo obesidade, hipertensão arterial sistêmica e diabete melito. A intervenção precoce pode prevenir o desenvolvimento dessas complicações. OBJETIVO: Verificar a presença de fatores de risco cardiovasculares (obesidade e hipertensão arterial) e suas possíveis interações com a capacidade cardiorrespir (mais) atória. Métodos: Estudo transversal composto de amostra estratificada por conglomerados, de 1.666 escolares, com idades entre 7 e 17 anos, 873 (52,4%) do sexo masculino e 793 (47,6%) do sexo feminino. Avaliaram-se as pressões arteriais sistólica (PAS) e diastólica (PAD), índice de massa corporal (IMC), percentual de gordura (%G) e capacidade cardiorrespiratória. Ainda, PAS e PAD foram correlacionadas com circunferência da cintura (CC), relação cintura-quadril (RCQ), somatório de dobras cutâneas (ΣDC) e capacidade cardiorrespiratória. RESULTADOS: A avaliação do IMC dos escolares evidenciou 26,7% de sobrepeso ou obesidade e 35,9% com o percentual de gordura acima de moderadamente alto. Com relação aos níveis pressóricos, encontraram-se 13,9% e 12,1% de escolares limítrofes e hipertensos, para PAS e PAD, respectivamente. Houve associação entre hipertensão, obesidade e capacidade cardiorrespiratória. Observou-se correlação significativa em relação à PAS e PAD, para todas as variáveis analisadas, apresentando, ainda, uma relação fraca a moderada com as variáveis idade, peso, estatura, IMC e circunferência da cintura. CONCLUSÃO: A presença da hipertensão arterial associada à obesidade e seu reflexo na capacidade cardiorrespiratória reforçam a importância de se propor, já na infância, um estilo de vida mais ativo e saudável. Resumo em inglês BACKGROUND: During childhood and adolescence, physical inactivity, excess weight, and poor nutrition are risk factors for chronic diseases, especially obesity, hypertension, and diabetes mellitus. Early intervention can prevent the development of these complications. OBJECTIVE: To determine the presence of cardiovascular risk (obesity and hypertension) in schoolchildren and its potential interactions with cardio-respiratory fitness. METHODS: This was a cross-sectional stu (mais) dy conducted in a stratified cluster sample of 1,666 schoolchildren, aged between 7 and 17 years, 873 (52.4%) of them male and 793 (47.6%) of them female. The following variables were evaluated: systolic blood pressure (SBP), diastolic blood pressure (DBP), body mass index (BMI), body fat percentage (BF %), and cardio-respiratory fitness. SBP and DBP were correlated with waist circumference (WC), waist-hip ratio (WHR), sum of skin folds (ΣSF), and cardio-respiratory fitness. RESULTS: A BMI assessment of the students showed that 26.7% of them were overweight or obese, and 35.9% had body fat percentage over moderately high. As to blood pressure, we found that 13.9% and 12.1% of the students were borderline or hypertensive, for SBP and DBP, respectively. There was an association among hypertension, obesity, and cardio-respiratory fitness. There was a significant correlation of SBP and DBP with all variables, and also a weak to moderate correlation with age, weight, height, BMI, and waist circumference. CONCLUSION: The presence of hypertension associated with obesity and its effects on cardio-respiratory fitness stress the importance of recommending, since childhood, a more active and healthy lifestyle.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

20

Associação entre atividade física no tempo livre e pressão arterial em adultos/ Relationship between leisure-time physical activity and blood pressure in adults/ Asociación entre actividad física en el tiempo libre y presión arterial en adultos

Pitanga, Francisco José Gondim; Lessa, Ines
2010-10-01

Resumo em português FUNDAMENTO: A pressão arterial (PA) elevada é encontrada em níveis epidêmicos em adultos das sociedades industrializadas favorecendo o aumento do risco de desenvolvimento de numerosas patologias cardiovasculares. OBJETIVO: Verificar se existe associação entre atividade física no tempo livre (AFTL) e pressão arterial sistólica (PAS)/ pressão arterial diastólica (PAD) elevadas em adultos na cidade de Salvador-Bahia. MÉTODOS: O estudo foi de corte transversal, em (mais) amostra de 2.292 adultos de ambos os sexos com idades > 20 anos. Aqueles que participavam de atividades físicas nos momentos de lazer foram considerados como ativos no tempo livre. Utilizou-se análise de regressão logística para estimar a razão de chances (RC), com intervalo de confiança de 95%. RESULTADOS: Após ajustamento para idade e estratificação por sexo, as associações entre AFTL e PAS/PAD foram: PAS = 0,86 (0,85 - 0,87) para o sexo feminino e 0,65 (0,64 - 0,66) para o sexo masculino; PAD = 0,94 (0,92-0,95) para o sexo feminino e 0,64 (0,63-0,65) para o sexo masculino. CONCLUSÃO: Os resultados deste estudo são importantes para a saúde pública e devem ser utilizados para conscientizar a população sobre a relevância da AFTL visando à prevenção de níveis elevados de PAS/PAD. Resumo em espanhol FUNDAMENTO: La presión arterial (PA) elevada es encontrada en niveles epidémicos en adultos de las sociedades industrializadas favoreciendo el aumento del riesgo de desarrollo de numerosas patologías cardiovasculares. OBJETIVO: Verificar si existe asociación entre actividad física en el tiempo libre (AFTL) y presión arterial sistólica (PAS)/presión arterial diastólica (PAD) elevadas en adultos en la ciudad de Salvador-Bahia. MÉTODOS: El estudio fue de corte tran (mais) sversal, en muestra de 2.292 adultos de ambos sexos con edades > 20 años. Aquellos que participaban en actividades físicas en los momentos de ocio fueron considerados como activos en el tiempo libre. Se utilizó análisis de regresión logística para estimar la razón de posibilidades (RP), con intervalo de confianza de 95%. RESULTADOS: Después de ajuste para edad y estratificación por sexo, las asociaciones entre AFTL y PAS/PAD fueron: PAS = 0,86 (0,85 - 0,87) para el sexo femenino y 0,65 (0,64 - 0,66) para el sexo masculino; PAD = 0,94 (0,92 - 0,95) para el sexo femenino y 0,64 (0,63-0,65) para el sexo masculino. CONCLUSIÓN: Los resultados de este estudio son importantes para la salud pública y deben ser utilizados para concientizar a la población sobre la relevancia de la AFTL procurando la prevención de niveles elevados de PAS/PAD. Resumo em inglês BACKGROUND: High blood pressure (BP) is found at epidemic levels in adults of industrialized societies, thereby favoring an increase in the risk of development of numerous cardiovascular pathologies. OBJECTIVE: To investigate the relationship between leisure-time physical activity (LTPA) and high systolic blood pressure (SBP)/diastolic blood pressure (DBP) in adults, in the city of Salvador, state of Bahia. METHODS: A cross-sectional study was conducted with a sample of 2 (mais) ,292 adults of both sexes, aged > 20 years. Those who engaged in physical activity during their leisure time were considered to be active in their free time. We used logistic regression analysis to estimate the odds ratio (OR), with confidence interval of 95%. RESULTS: After the adjustment for age and stratification by sex, the relationships between LTPA and SBP/DBP were: SBP = 0.86 (0.85 to 0.87) for females and 0.65 (0.64 to 0.66) for males; DBP = 0.94 (0.92 to 0.95) for females and 0.64 (0.63 to 0.65) for males. CONCLUSION: The results of this study are important to public health and they must be used to raise awareness of the relevance of LTPA to prevent high levels of SBP/DBP.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

21

Pressão arterial, glicemia capilar e medidas antropométricas em uma população Yanomámi/ Blood pressure, capillary glucose, and anthropometric measurements in a Yanomámi population

Bloch, Katia V.; Coutinho, Evandro da S. F.; Lôbo, Maria Stella de C.; Oliveira, José Egídio P. de; Milech, Adolfo
1993-12-01

Resumo em português Com o objetivo de avaliar o comportamento da glicemia capilar e das pressões arteriais sistólica (PAS) e diastólica (PAD) em função de medidas antropométricas, foram examinados 72 Yanomámi adultos na Área de Relações Intercomunitárias de Surucucus, Estado de Roraima. A pressão arterial foi mais elevada nos homens do que nas mulheres (PAS = 109,8 mm Hg e 100,2 mm Hg; PAD = 71,2 mm Hg e 63,5 mm Hg, respectivamente). Não houve valores compatíveis com a hiperten (mais) são arterial. A PAS correlacionou-se negativamente com a idade e positivamente com altura, peso, índice de massa corporal (IMC) e circunferências abdominal e do quadril. O controle pelo IMC não alterou a correlação inversa entre PAS e idade. A correlação da PAS com a altura inverteu-se quando controlada pelo peso, enquanto o controle pela altura não alterou a correlação positiva entre peso e PAS. A PAD correlacionou-se positivamente com o peso e a altura. A glicemia foi significativamente mais elevada nas mulheres do que nos homens (114,1 mg/dl e 98,4 mg/dl, respectivamente). Controlando-se pelo peso, a circunferência abdominal correlacionou-se positivamente com a glicemia. Ao se controlar pela circunferência abdominal, o peso e o IMC correlacionaram-se inversamente com a glicemia. Os achados sugerem que, enquanto a PAS correlaciona-se principalmente com a massa corporal, a glicemia capilar está mais correlacionada com a concentração abdominal de gordura. Resumo em inglês Seventy-two Yanomámi Indians from Surucucus, Roraima, Brazil, were examined to evaluate the correlation between capillary glucose level (CGL), systolic and diastolic blood pressure (SBP and DBP), and anthropometrical features. Blood pressure was higher among men than women: SBP=109.8 and 100.2 mm Hg; DBP=71.2 and 63.5 mmHg, respectively. Levels compatible with hypertension were not found. SBP was correlated negatively with age and positively with height, weight, body mas (mais) s index (BMI), and waist and hip circumferences. Controlling for BMI did not change the negative correlation between SBP and age. When weight was controlled, correlation between SBP and height changed to a negative value, but when height was controlled, positive correlation between weight and PAS was mantained. DBP was positively correlated with weight and height. Capillary glucose level was significantly higher among women than men: 114.1 and 98.4 mg/dl, respectively. When weight was controlled, waist circumference correlated positively with CGL. When waist circumference was controlled, weight and BMI correlated negatively with CGL. The results suggest that while blood pressure is correlated especially with body mass, capillary glucose level is more correlated with abdominal fat distribution.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

22

Pressão arterial, glicemia capilar e medidas antropométricas em uma população Yanomámi/ Blood pressure, capillary glucose, and anthropometric measurements in a Yanomámi population

Bloch, Katia V.; Coutinho, Evandro da S. F.; Lôbo, Maria Stella de C.; Oliveira, José Egídio P. de; Milech, Adolfo
1993-12-01

Resumo em português Com o objetivo de avaliar o comportamento da glicemia capilar e das pressões arteriais sistólica (PAS) e diastólica (PAD) em função de medidas antropométricas, foram examinados 72 Yanomámi adultos na Área de Relações Intercomunitárias de Surucucus, Estado de Roraima. A pressão arterial foi mais elevada nos homens do que nas mulheres (PAS = 109,8 mm Hg e 100,2 mm Hg; PAD = 71,2 mm Hg e 63,5 mm Hg, respectivamente). Não houve valores compatíveis com a hiperten (mais) são arterial. A PAS correlacionou-se negativamente com a idade e positivamente com altura, peso, índice de massa corporal (IMC) e circunferências abdominal e do quadril. O controle pelo IMC não alterou a correlação inversa entre PAS e idade. A correlação da PAS com a altura inverteu-se quando controlada pelo peso, enquanto o controle pela altura não alterou a correlação positiva entre peso e PAS. A PAD correlacionou-se positivamente com o peso e a altura. A glicemia foi significativamente mais elevada nas mulheres do que nos homens (114,1 mg/dl e 98,4 mg/dl, respectivamente). Controlando-se pelo peso, a circunferência abdominal correlacionou-se positivamente com a glicemia. Ao se controlar pela circunferência abdominal, o peso e o IMC correlacionaram-se inversamente com a glicemia. Os achados sugerem que, enquanto a PAS correlaciona-se principalmente com a massa corporal, a glicemia capilar está mais correlacionada com a concentração abdominal de gordura. Resumo em inglês Seventy-two Yanomámi Indians from Surucucus, Roraima, Brazil, were examined to evaluate the correlation between capillary glucose level (CGL), systolic and diastolic blood pressure (SBP and DBP), and anthropometrical features. Blood pressure was higher among men than women: SBP=109.8 and 100.2 mm Hg; DBP=71.2 and 63.5 mmHg, respectively. Levels compatible with hypertension were not found. SBP was correlated negatively with age and positively with height, weight, body mas (mais) s index (BMI), and waist and hip circumferences. Controlling for BMI did not change the negative correlation between SBP and age. When weight was controlled, correlation between SBP and height changed to a negative value, but when height was controlled, positive correlation between weight and PAS was mantained. DBP was positively correlated with weight and height. Capillary glucose level was significantly higher among women than men: 114.1 and 98.4 mg/dl, respectively. When weight was controlled, waist circumference correlated positively with CGL. When waist circumference was controlled, weight and BMI correlated negatively with CGL. The results suggest that while blood pressure is correlated especially with body mass, capillary glucose level is more correlated with abdominal fat distribution.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

23

Monitorização ambulatorial da pressão arterial em filhos de hipertensos/ Arterial pressure monitoring in offspring of hypertensive individuals at a day-care center

Langowiski, André Ribeiro; Lima Junior, Emilton; Knopfholz, José; Reichert, Adriane; Nogueira, Maira Oliveira; Faria Neto, José Rocha; Guarita-Souza, Luis Cesar
2008-04-01

Resumo em português OBJETIVO: O objetivo deste trabalho é estudar o comportamento da pressão arterial através da monitorização ambulatorial da pressão arterial (MAPA) em jovens normotensos que possuam história familiar de hipertensão. MÉTODOS: Foram avaliados pela MAPA 31 universitários normotensos, com idade entre 17 e 25 anos, cujos pais (ambos ou um deles) estivessem sendo tratados por hipertensão arterial (grupo I) e 30 indivíduos, também normotensos, cujos pais não apresen (mais) tavam diagnóstico de HAS - hipertensão arterial sistêmica (grupo II). Todos os participantes tiveram dados epidemiológicos coletados e os valores de pressão arterial (PA) obtidos pela MAPA foram comparados. RESULTADOS: Não houve diferença estatística entre os grupos estudados quanto à análise das médias de PA sistólica (PAS) (p=0,195) e diastólica (PAD) (p=0,958), descenso noturno da PAS (p=0,61) e da PAD (p=0,289) e variabilidade da PAS (p=0,24) e da PAD (p=0,497). Houve significância estatística na comparação da pressão de pulso (42,74 mmHg no grupo I e 45,53 mmHg no grupo II, p=0,032) e da PAS mínima na vigília (85,00 mmHg no grupo I e 90,27 mmHg no grupo II, p=0,048). Ambos os parâmetros mencionados foram maiores nos filhos de normotensos. CONCLUSÃO: Na população estudada, houve diferença estatística significativa na pressão de pulso e PAS mínima na vigília, sendo maior nos filhos de normotensos. Os demais parâmetros da MAPA não apresentaram diferença significativa entre os grupos. Resumo em inglês OBJECTIVE: This study intended to evaluate blood pressure monitoring (BPM) data in young hypertensive offspring. METHODS: We evaluated 31 students, of ages ranging from 17 to 25 years, whose parents (one or both) were being treated for hypertension (group I) and 30 normotensive subjects, whose parents were not hypertensive (group II). Epidemiological data were collected from all participants and the blood pressure (BP) measurements obtained by BPM were compared. RESULTS: (mais) There were no statistical differences between both groups when mean systolic blood pressure (SBP) (p=0.195) and mean diastolic blood pressure (DBP) (p=0.958); SBP decrease (p=0.61) and DBP decrease (p=0.289); SBP variability (p=0.24) and DBP variability (p=0.497) were compared. There were statistical differences, when pulse pressures (42.74 mmHg in group I and 45.53 in group II) and in the minimum SBP during the awake period (85.00 mmHg in group I and 90.27 mmHg in group II, p=0.048) were compared. Both parameters were higher in the group whose parents were not hypertensive individuals. CONCLUSION: In this population, there were statistical differences in pulse pressure and in minimum SBP during the awake period, being higher in the group whose parents were not hypertensive. There were no differences between the two groups in the other parameters analyzed.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

24

Transição alimentar em recém-nascidos com displasia broncopulmonar/ Transition time for full oral feeding in newborns with bronchopulmonary dysplasia

Evangelista, Daiana; Oliveira, Andressa
2009-03-01

Resumo em português OBJETIVO: verificar o tempo de transição da sonda para a via oral plena nos lactentes com Displasia Broncopulmonar (DBP) e descrever as intercorrências observadas durante os períodos de alimentação. MÉTODOS: revisão de prontuários do setor de Fonoaudiologia de 32 lactentes nascidos no Hospital Universitário Pedro Ernesto (HUPE/UERJ) divididos em 2 grupos. Grupo 1: 18 lactentes com diagnóstico de DBP; grupo 2: 18 lactentes com idade gestacional entre 29 e 32 sem (mais) anas sem complicações clínicas relevantes que foram utilizados como grupo controle. Foram registrados o tempo de transição alimentar, as intercorrências durante a alimentação e via oral na alta hospitalar de ambos os grupos. RESULTADOS: média e desvio padrão do tempo de transição alimentar dos grupos 1 e 2 respectivamente: 18,22 dias e 14,79; 6,50 dias e 3,68, com p=0,002. Nos broncodisplásicos foram comuns intercorrências respiratórias, dificuldade de coordenação sucçãoXrespiraçãoXdeglutição, dificuldades no padrão oral, além de sinais de retraimento e rebaixamento do estado de consciência durante a alimentação. Apesar disso, 10 lactentes (52,63%) tiveram alta em aleitamento materno exclusivo e 3 (15,78%) em aleitamento misto. CONCLUSÃO: pacientes com DBP precisaram de um período maior de treino de VO (18 dias), além de serem passíveis de intercorrências durante a alimentação. No entanto, constata-se que foi possível o aleitamento materno exclusivo. Resumo em inglês PURPOSE: to check the time of transition from the feeding tube to oral feeding in newborns with Bronchopulmonar Dysplasia (BPD); observe the difficulties occurred during the oral feeding./ METHODS: the speech pathology department reviewed thirty-two past cases of newborns born in the Pedro Ernesto Hospital of Rio de Janeiro State University. The first group was composed of eighteen newborns with BPD, while a second group was composed of eighteen healthy newborns born betw (mais) een 29 and 32 weeks used as a control group. We observed in both groups the following items: time it took for the newborns to transition from the feeding tube to the oral one, the difficulties presented during feeding periods, and finally the type of oral alimentation used by the discharge time. RESULTS: the mean and standard deviation of the sample were 18.22 days and 14.79, respectively; for the control group it was 6.50 and 3.68, respectively (p=0.002). The group with BPD showed respiratory stress, lack of coordination between suctions, breathing and swallowing, and suction dysfunction. They also fell asleep during alimentation, showing extreme physical strain and defensive behaviors. Despite these results, 10 newborns (52.63%) were discharged on exclusive breastfeeding and 3 (15,78%) on mixed feeding (cupfeeding with breastfeeding). CONCLUSION: patients with BPD need extended time (18 days) to learn oral feeding, and moreover, they are susceptible to intercurrence during feeding. Nevertheless, it was possible to testify an exclusive breastfeeding.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

25

Comparação entre nifedipina por via sublingual e clonidina por via venosa no controle de hipertensão arterial peri-operatória em cirurgias de catarata/ Comparison between sublingual nifedipine and intravenous clonidine to control perioperative arterial hypertension in cataract procedures/ Comparación entre nifedipina por vía sub-lingual y clonidina por vía venosa en el control de hipertensión arterial peri-operatoria en cirugías de catarata

Stocche, Renato Mestriner; Garcia, Luis Vicente; Klamt, Jyrson Guilherme; Pachione, Alexandre; Huang, H Yu; Oliveira, Waleska A
2002-07-01

Resumo em português JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Estudo recente mostra que a clonidina por via venosa apresenta-se eficaz e segura no tratamento de crises hipertensivas durante cirurgia de catarata. Este estudo visa comparar o uso de nifedipina, droga amplamente utilizada por via sublingual, e clonidina por via venosa no controle da hipertensão arterial em cirurgias de catarata. MÉTODO: Setenta e cinco pacientes submetidos à facectomia foram distribuídos de forma aleatória e encoberta em: (mais) Grupo A, que recebeu nifedipina e Grupos C2 e C3, que receberam, respectivamente, 2 e 3 µg.kg-1 de clonidina por via venosa. Todos os pacientes apresentavam hipertensão arterial (PAS > 170 mmHg ou PAD > 110 mmHg). As PAS, PAD e freqüência cardíaca (FC) foram medidas e comparadas nos momentos: 0 (antes do tratamento) e de 2 em 2 minutos até o final do procedimento. Os eventos adversos foram anotados. RESULTADOS: Após o tratamento ocorreram diminuições da PAS e PAD nos 3 grupos (p Resumo em espanhol JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: Estudio reciente muestra que la clonidina por vía venosa se presenta eficaz y segura en el tratamiento de crisis hipertensivas durante cirugía de catarata. Este estudio visa comparar el uso de nifedipina, droga ampliamente utilizada por vía sub-lingual, y clonidina por vía venosa en el control de la hipertensión en cirugías de catarata. MÉTODO: Setenta e cinco pacientes sometidos a facectomia fueron distribuidos de forma aleatoria y encub (mais) ierta en: Grupo A, que recibió nifedipina y Grupos C2 y C3, que recibieron, respectivamente, 2 y 3 µg.kg-1 de clonidina por vía venosa. Todos los pacientes presentaban hipertensión arterial (PAS > 170 mmHg o PAD > 110 mmHg). Las PAS, PAD y frecuencia cardíaca (FC) fueron medidas y comparadas en los momentos: 0 (antes del tratamiento) y de 2 en 2 minutos hasta el final del procedimiento. Los eventos adversos fueron anotados. RESULTADOS: Después del tratamiento ocurrieron diminuciones de la PAS y PAD en los 3 grupos (p Resumo em inglês BACKGROUND AND OBJECTIVES: A recent study has shown that intravenous clonidine is effective and safe in treating perioperative arterial hypertension during cataract procedures. This study aimed at comparing sublingual nifedipine and intravenous clonidine to control arterial hypertension during cataract procedures. METHODS: Participated in this randomized double-blind study 75 patients submitted to facectomy, who were distributed in: Group A, receiving nifedipine and Group (mais) s C2 and C3, receiving 2 and 3 µg.kg-1 intravenous clonidine, respectively. All patients had arterial hypertension (SBP > 170 mmHg or DBP > 110 mmHg). SBP, DBP and HR were monitored and compared in moments 0 (before treatment), and at 2-minute intervals until the end of the procedure. Adverse events were recorded. RESULTS: There has been SBP and DBP decrease in all groups after treatment (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

26

Prevalência de sobrepeso e obesidade em pacientes com diabetes tipo 1/ Prevalence of overweight and obesity in type 1 diabetic patients

Moraes, Cristiane Moulin de; Portella, Renata B.; Pinheiro, Virgínia S.; Oliveira, Marcus M.S.; Fuks, Anna Gabriela; Cunha, Edna F.; Gomes, Marília B.
2003-12-01

Resumo em português Para avaliar a prevalência de sobrepeso e obesidade em diabéticos tipo 1 (DM1), estudamos 170 pacientes (89F/81M; 14 crianças, 51 adolescentes e 105 adultos, com 24,4±11,9 anos) e correlacionamos seus dados antropométricos com fatores demográficos e clínicos. A prevalência de obesidade, sobrepeso e/ou risco de sobrepeso foi de 21,2% (n= 36). Houve uma correlação de 0,97 entre o score z do IMC e o percentil do IMC (p= 0,00) no grupo de crianças e adolescentes. H (mais) ouve diferença na PAS (p= 0,004) e na PAD (p= 0,0007) entre pacientes com IMC normal e alterado. Ocorreu uma tendência a um aumento progressivo da medida da cintura com os níveis de PA (p= 0,0000). O IMC foi dependente da idade (OR: 1,04, 95% IC = 1,01-1,07; p= 0,008) na análise multivariada. Na análise stepwise, a PAS foi dependente da cintura (r= 0,57; p= 0,00) e da idade (r= 0,63; p= 0,00) e a PAD, da cintura (r= 0,53; p= 0,00). A prevalência de sobrepeso e obesidade nos DM1 parece refletir a tendência mundial de aumento de peso e suas conseqüências clínicas, reforçando a necessidade do controle de peso nestes pacientes. Resumo em inglês To evaluate the prevalence of overweight and obesity in type 1 diabetes (DM1), we studied 170 subjects (89F/81M, 14 children, 51 adolescents and 105 adults, mean age 24.4±11.9y) and correlated anthropometric data with demographic and clinical factors. The prevalence of obesity, overweight and/or overweight risk was 21.2% (n= 36). Among children and adolescents BMI z score and BMI percentile were highly correlated (r= 0.97; p= 0.00). SBP (p= 0.004) and DBP (p= 0.0007) wer (mais) e different between patients with normal and high BMI. A trend for increase waist circumference (WC) was observed in the groups with different BP (p= 0.0000). By multivariate analysis BMI was age-dependent (OR: 1.04, 95% CI = 1.01-1.07; p= 0.008). Using stepwise analysis SBP was dependent of WC (r= 0.57; p= 0.00) and age (r= 0.63; p= 0.00) and DBP was dependent of WC (r= 0.53; p= 0.00). The prevalence of overweight and obesity seems to reflect the global tendency of weight excess and their clinical outcomes. Awareness of overweight in DM1 needs to be intensified.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

27

Baixo peso ao nascer como marcador de alterações na monitorização ambulatorial da pressão arterial/ Low birth weight as a marker of changes in ambulatory blood pressure monitoring/ Bajo peso al nacer como marcador de alteraciones en el monitoreo ambulatorio de la presión arterial

Salgado, Cláudia Maria; Jardim, Paulo César Brandão Veiga; Teles, Flávio Bittencourt Gonçalves; Nunes, Mariana Cabral
2009-02-01

Resumo em português FUNDAMENTO: O baixo peso ao nascimento (BPN) está associado com aumento da pressão arterial (PA) e de doenças cardiovasculares no adulto. OBJETIVO: Avaliar as possíveis alterações na monitorização ambulatorial da pressão arterial (MAPA) em crianças com BPN. MÉTODOS: Avaliou-se o peso ao nascimento (PN) de 1.049 crianças, entre 8 e 11 anos, em escolas de Goiânia. Aquelas com BPN (PN (mais) PN > 3,0 kg). O PN foi obtido no cartão da criança. Avaliaram-se PA casual e MAPA. Após a obtenção do peso e da estatura para cálculo do índice de massa corpórea (IMC), realizou-se avaliação da maturação sexual segundo os critérios de Tanner (excluídos Tanner >2). RESULTADOS: Obtiveram-se 34 crianças com BPN e 34 com PNN. Os grupos foram semelhantes quanto a idade, sexo, raça, peso, estatura, IMC e história familiar de hipertensão. As crianças com BPN apresentaram maior pressão sistólica (PS) casual (p = 0,007). Na MAPA, apresentaram maior pressão diastólica (PD) nas 24 horas (p = 0,009), maior PD de vigília (p = 0,002), maiores PS e PD no sono (p = 0,005 e p = 0,001) e menor descenso noturno da PS e PD (p = 0,001) do que as com PNN. Observou-se uma correlação positiva do PN com o descenso noturno da PS (p = 0,022) e negativa com a PS no sono (p = 0,032). CONCLUSÃO: As crianças com BPN apresentaram PA mais elevada e alteração do ritmo circadiano da pressão arterial, com atenuação do descenso noturno. Esses achados podem representar um risco aumentado para a hipertensão arterial e doença cardiovascular no adulto. Resumo em espanhol FUNDAMENTO: El bajo peso al nacer (BPN) está asociado al aumento de la presión arterial (PA) y de enfermedades cardiovasculares en el adulto. OBJETIVO: Evaluar las posibles alteraciones en el monitoreo ambulatorio de la presión arterial (MAPA) en niños con BPN. MÉTODOS: Se evaluó el peso al nacer (PN) de 1.049 niños, entre 8 y 11 años, en escuelas de la ciudad de Goiânia. Aquellos con BPN (PN (mais) 3,0 kg). El PN se obtuvo en la tarjeta del niño. Se evaluaron la PA casual y el MAPA. Tras la medición del peso y de la estatura para cálculo del índice de masa corpórea (IMC), se evaluó la maduración sexual según los criterios de Tanner (excluidos Tanner >2). RESULTADOS: Se obtuvo un total de 34 niños con BPN y 34 con PNN. Los grupos fueron semejantes relación a la edad, sexo, raza, peso, estatura, IMC e historia familiar de hipertensión. Los niños con BPN presentaron mayor presión sistólica (PS) casual (p = 0,007). En el MAPA, presentaron mayor presión diastólica (PD) en las 24 horas (p = 0,009), mayor PD de vigilia (p = 0,002), mayores PS y PD en el sueño (p = 0,005 y p = 0,001) y menor descenso nocturno de la PS y PD (p = 0,001) que las con PNN. Se observó una correlación positiva del PN con el descenso nocturno de la PS (p = 0,022) y negativa con la PS en el sueño (p = 0,032). CONCLUSIÓN: Los niños con BPN presentaron PA más elevada y cambio del ritmo circadiano de la presión arterial, con atenuación del descenso nocturno. Esos hallazgos pueden representar un riesgo aumentado para la hipertensión arterial y enfermedad cardiovascular en el adulto. Resumo em inglês BACKGROUND: Low birth weight (LBW) is associated with increased incidence of high blood pressure (BP) and cardiovascular diseases in adulthood. OBJECTIVE: To evaluate possible changes in Ambulatory Blood Pressure Monitoring (ABPM) in LBW children. METHODS: The birth weight (BW) of 1049 school children (ages 8 to 11) living in Goiânia was assessed. Children with low birth weight (BW 3.0 Kg). Information on bi (mais) rth weight was obtained from each child's health card. Casual BP and ABPM were measured. Height and weight measurements were obtained to calculate the body mass index (BMI), and sexual maturity was assessed according to Tanner's criteria (those at Tanner stage > 2 were excluded). RESULTS: Thirty-four children had low birth weight (LBW) and 34 had normal birth weight (NBW). Both groups were similar regarding age, gender, race, body weight, height, BMI, and family history of hypertension. Low-birth-weight children had higher casual systolic blood pressure (SBP) (p = 0.007). ABPM recordings showed that these children had higher 24-hour diastolic blood pressure (DBP) (p = 0.009), daytime DBP (p = 0.002), night-time DBP and SBP (p = 0.005 and p = 0.001), and reduced nocturnal dip in SBP and DBP (p = 0.001) than those born with normal weight. Birth weight was positively correlated with nocturnal dip in SBP (p = 0.022) and negatively correlated with sleep SBP (p = 0.032). CONCLUSION: Low-birth-weight children have higher BP and changes in circadian rhythm of blood pressure, with reduced nocturnal dipping. These findings may reflect increased risk of adult hypertension and cardiovascular diseases.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

28

Preditores cardiovasculares da mortalidade em idosos longevos/ Cardiovascular mortality predictors in the oldest old

Marafon, Luiz Pedro; Cruz, Ivana Beatrice Manica da; Schwanke, Carla Helena Augustin; Moriguchi, Emílio Hideyuki
2003-05-01

Resumo em português O objetivo deste trabalho é investigar a associação entre fatores de risco e morbidade cardiovascular com mortalidade em idosos longevos. Noventa e um por cento da população com idade ³ 80 anos (n = 193) de Veranópolis, Rio Grande do Sul, no ano de 1996, foram avaliados para a detecção de fatores de risco e morbidade cardiovascular. Acompanhou-se esta população durante 3 anos e registraram-se os casos de óbitos. Os dados foram anal (mais) isados por análise univariada e multivariada por regressão logística. Ocorreram 41 (21%) óbitos (20 homens e 21 mulheres). As mortes foram distribuídas ao longo do período estudado como se segue: 3 (7,3%) no primeiro ano, 8 (19,5%) no segundo ano e 30 (73,2%) no terceiro ano. Observou-se associação significativa de óbito com as seguintes características: pressão arterial diastólica (PAD), colesterol total (CT), LDL-C, ApoA-I, acidente vascular encefálico prévio (AVC), bloqueio do ramo direito (BRD) e hipertrofia ventricular esquerda (HVE) ao ECG. Os sobreviventes apresentaram níveis mais elevados de PAD, CT, LDL-C e ApoA-I. AVC, BRD e HVE. A análise multivariada mostrou que as variáveis eram fatores de risco independentes. Os fatores de risco cardiovascular parecem atuar de forma diferenciada em longevos. Resumo em inglês This article investigates the association between cardiovascular risk factors and cardiovascular morbidity and mortality in the oldest old. In 1996, 91% of the population ³ 80 years of age from Veranópolis, Rio Grande do Sul State, Brazil, were evaluated to detect cardiovascular risk factors and morbidity. The sample was followed up for three years, with the assessment of deaths. The analysis was done using univariate statistics and multivar (mais) iate logistic regression analysis. There were 41 deaths (21%): 20 men and 21 women. Deaths were distributed by year as follow: 03 (7.3%) in the first year, 08 (19.5%) in the second, and 30 (73.2%) in the third. There was a significant and independent association between death and the following variables: diastolic blood pressure (DBP), total cholesterol (TC), LDL-C, ApoA-I, prior stroke (CVA), right bundle branch block (RBBB), and left ventricular hypertrophy (LVH) by ECG. Survivors presented higher levels of DBP, TC, LDL-C, ApoA-I, CVA, RBBB and LVH. According to the multivariate analysis, the variables were independent risk factors for mortality. Cardiovascular risk factors appear to have a distinct impact on the oldest old.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

29

Preditores cardiovasculares da mortalidade em idosos longevos/ Cardiovascular mortality predictors in the oldest old

Marafon, Luiz Pedro; Cruz, Ivana Beatrice Manica da; Schwanke, Carla Helena Augustin; Moriguchi, Emílio Hideyuki
2003-06-01

Resumo em português O objetivo deste trabalho é investigar a associação entre fatores de risco e morbidade cardiovascular com mortalidade em idosos longevos. Noventa e um por cento da população com idade ³ 80 anos (n = 193) de Veranópolis, Rio Grande do Sul, no ano de 1996, foram avaliados para a detecção de fatores de risco e morbidade cardiovascular. Acompanhou-se esta população durante 3 anos e registraram-se os casos de óbitos. Os dados foram anal (mais) isados por análise univariada e multivariada por regressão logística. Ocorreram 41 (21%) óbitos (20 homens e 21 mulheres). As mortes foram distribuídas ao longo do período estudado como se segue: 3 (7,3%) no primeiro ano, 8 (19,5%) no segundo ano e 30 (73,2%) no terceiro ano. Observou-se associação significativa de óbito com as seguintes características: pressão arterial diastólica (PAD), colesterol total (CT), LDL-C, ApoA-I, acidente vascular encefálico prévio (AVC), bloqueio do ramo direito (BRD) e hipertrofia ventricular esquerda (HVE) ao ECG. Os sobreviventes apresentaram níveis mais elevados de PAD, CT, LDL-C e ApoA-I. AVC, BRD e HVE. A análise multivariada mostrou que as variáveis eram fatores de risco independentes. Os fatores de risco cardiovascular parecem atuar de forma diferenciada em longevos. Resumo em inglês This article investigates the association between cardiovascular risk factors and cardiovascular morbidity and mortality in the oldest old. In 1996, 91% of the population ³ 80 years of age from Veranópolis, Rio Grande do Sul State, Brazil, were evaluated to detect cardiovascular risk factors and morbidity. The sample was followed up for three years, with the assessment of deaths. The analysis was done using univariate statistics and multivar (mais) iate logistic regression analysis. There were 41 deaths (21%): 20 men and 21 women. Deaths were distributed by year as follow: 03 (7.3%) in the first year, 08 (19.5%) in the second, and 30 (73.2%) in the third. There was a significant and independent association between death and the following variables: diastolic blood pressure (DBP), total cholesterol (TC), LDL-C, ApoA-I, prior stroke (CVA), right bundle branch block (RBBB), and left ventricular hypertrophy (LVH) by ECG. Survivors presented higher levels of DBP, TC, LDL-C, ApoA-I, CVA, RBBB and LVH. According to the multivariate analysis, the variables were independent risk factors for mortality. Cardiovascular risk factors appear to have a distinct impact on the oldest old.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

30

Estudo da morfologia vascular do leito placentário na hipertensão arterial crônica/ Morphology of the vascular placental bed in chronic arterial hypertension

Sousa, Francisco Lázaro Pereira de; Sass, Nelson; Camano, Luiz; Stávale, João Norberto; Mesquita, Maria Rita de Sousa; Souza, Eder Viana de; Oliveira, Fábio Roberto de; Ishigai, Márcia Marcelino Souza
2008-12-01

Resumo em português OBJETIVO: Analisar os padrões histopatológicos das artérias do leito placentário em gestações complicadas por hipertensão arterial crônica (HAC) comparando-os com o de grávidas normais. MÉTODOS: Biópsias de leito placentário, segundo técnica de Robertson et al.¹, foram realizadas em pacientes com idade gestacional igual ou superior a 28 semanas, submetidas a cesárea, após a dequitação. O grupo controle (GC) foi composto por 25 pacientes normais e o grupo (mais) de estudo composto por 13 pacientes com HAC leve (HL), 11 pacientes com HAC moderada (HM) e 11 pacientes com HAC grave (HG). As classes de hipertensão foram consideradas leve (PAD 90 |- 100 mmHg), moderada (PAD 100 |- 110 mmHg) e grave (PAD³ > 110mmHg). Os padrões histológicos das artérias espiraladas foram classificados em: padrão inalterado, modificações fisiológicas, desorganização da camada média, alterações hiperplásicas, necrose e aterose aguda. RESULTADOS: 1) Os achados anormais foram predominantes no grupo de hipertensas, sendo mais freqüente nos grupos HM e HG. 2) O achado anormal mais prevalente foi a desorganização da camada média, com distribuição semelhante nos grupos HM e HG. 3) Os padrões normais ocorreram nos grupos GC e HL, com distribuição semelhante entre si. Resumo em inglês OBJECTIVES: To analyze histopathological patterns of placental bed arteries in pregnancies complicated by chronic arterial hypertension. Alterations were considered according to clinical classification of the hypertensive disorders as mild (MG); moderate (MoG) and severe (SG) for comparison with uncomplicated pregnancies, control group (CG). METHODS: Placental bed biopsy was performed in 60 pregnant women; the study group was comprised of pregnant women with hypertension, (mais) subdivided in 13 with severe chronic hypertension (CH), 11 with moderate CH and 11 with mild CH, and results were compared to 25 placental bed biopsies from uncomplicated pregnancies. All the pregnant women had a gestational age of at least 28 weeks of gestation with a live fetus and were submitted to cesarean section. Hypertension was considered mild with diastolic blood pressure (DBP) 90 I? 100 mmHg, moderate DBP 100 I? 110 mmHg and severe DBP = 110 mmHg. Placental bed variables selected for histological analysis were: unaltered patterns, physiological changes, medial layer disorganization, medial and intimal hyperplasic changes, acute necrosis and atherosis. RESULTS: In cases with SG and MoG there was predominance of abnormal histophysiological findings: medial layer disorganization and hyperplasic changes, with a statistically significant difference when compared to MG and CG. Alteration in the medial layer was observed in these cases. The normal pattern, unaltered patterns and physiologic changes were more frequent in CG and MG. Physiological changes were the most usual finding, further, there was no acute necrosis or atherosis. CONCLUSION: 1. Abnormal histophysiological findings were predominant in hypertensive pregnant women compared to the normotensive ones; 2. These patterns were more frequent, according to the severity of the hypertensive disorders: Severe, Moderate and Mild; 3. More significant abnormal findings were a change in the medial layer, mainly in the group with severe hypertensive disorders; 4. The groups with moderate and severe hypertensive disorders when compared had similar results; 5. The normal histological pattern was higher in the control group and patients with mild hypertensive disorders and disclosed a similarity between them 6. The most usual pattern was physiologic changes, which was more frequent in the control group.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

31

Influência da gordura corporal no controle clínico e metabólico de pacientes com diabetes mellitus tipo 2/ Body adiposity and its influence on clinical and metabolic parameters in patients with type 2 diabetes

Corrêa, Fernanda H.S.; Taboada, Giselle F.; Júnior, Carlos Roberto M.A.; Faria, André Murad; Clemente, Eliete L.S.; Fuks, Anna Gabriela; Gomes, Marília de Brito
2003-02-01

Resumo em português Avaliamos a influência da gordura corporal (GC) determinada por bioimpedância, índice de massa corpórea (IMC) e a medida da cintura abdominal (CA) em determinadas variáveis clínicas e laboratoriais em 43 pacientes com diabetes tipo 2 (DM2), 26F/17M, pareados pela idade, com 13,6±9,1 anos de duração do DM. As mulheres apresentaram maior IMC: 30,3±5,4 vs. 26,9±2,9kg/m² (p= 0,04), GC: 35,4±6,2 vs. 19,6±6,2% (p= 0,000), níveis de colesterol total (CT): 235±41 (mais) vs. 204± 39mg/dL (p= 0,017), triglicerídeos (TG): 146± 61 vs. 116±57mg/dL (p= 0,06) e HbA1c (HPLC): 7,1±1,7 vs. 6,9±1,4% (p= 0,02) do que os homens, não havendo diferença entre HDL e LDL colesterol. A GC correlacionou-se significativamente com os níveis de TG, HbA1c, pressão arterial diastólica (PAD), IMC e CA. Na regressão múltipla com GC, CA e IMC como variáveis independentes e TG (r= 0,34; r²= 0,11; p= 0,02) e PAD (r= 0,39; r²= 0,15; p= 0,008) como dependentes, a GC foi a variável independente significativa. No mesmo modelo com a HBA1c como variável dependente, a GC (r= 0,31; r²= 0,10; p= 0,037) e o IMC (r= 0,43; r²= 0,19; p= 0,01) foram as variáveis significativas. Concluímos que o aumento da GC no paciente com DM2 constituiu um importante fator de risco para piora do controle metabólico e dos níveis tensionais. As mulheres, por terem tido maior percentual de GC e níveis de lipídios, devem ter uma abordagem mais agressiva e diferenciada para sua redução. Resumo em inglês We evaluate the relationship between body adiposity (BA) by bioelectrical impedance, body mass index (BMI) and waist circumference (WC) in some clinical and laboratorial parameters in 43 patients with type 2 diabetes (DM2), 26F/17M, matched for age, with a DM duration of 13.6±9.1 years. Women had greater BMI: 30.3±5.4 vs. 26.9±3.0kg/m² (p= 0.04), BA: 35.4±6.2 vs. 19.6±6.2% (p= 0,000), cholesterol: 235± 41 vs. 204±39mg/dL (p= 0,017), triglycerides (TG): 146±61 vs. (mais) 116± 57mg/dL (p= 0.06) and HbA1c (HPLC): 7.1±1.7 vs. 6.9±1.4% (p= 0,02) than men, but HDL and LDL cholesterol were not different. When correlated to BA, the following variables were statistically significant: TG, HbA1c, diastolic blood pressure (DBP) and WC. In the stepwise multiple regression analysis using BA, WC and BMI as independent variables and TG (r= 0.34; r²= 0.11; p= 0.02) and DBP (r= 0.39; r²= 0.15; p= 0.008) as the dependent ones, BA was found to be statistically significant. By using the same model having HbA1c as the dependent variable, BA (r= 0.31; r²= 0.10; p= 0.037) and BMI (r= 0.43; r²= 0.19; p= 0.01) became significant. In conclusion, elevated BA in patients with DM2 is an important risk factor to worse metabolic control and blood pressure levels. Women, by virtue of their greater BA and worst plasma lipid profile must need more aggressive intervention to reduce body fat.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

32

Respostas cardiovasculares agudas no treinamento de força conduzido em exercícios para grandes e pequenos grupamentos musculares/ Acute cardiovascular responses in strenght training conducted in exercises for large and small muscular groups

D'Assunção, Welton; Daltro, Marcelo; Simão, Roberto; Polito, Marcos; Monteiro, Walace
2007-04-01

Resumo em português O objetivo deste estudo foi comparar o comportamento da pressão arterial sistólica (PAS), diastólica (PAD), freqüência cardíaca (FC) e duplo produto (DP) durante a execução unilateral de três séries de 10RM em dois exercícios envolvendo grupamentos musculares distintos. Participaram 18 homens normotensos (22,4 ± 2,7 anos; 76,2 ± 9,8kg; 175,4 ± 6,0cm) experientes em exercícios resistidos. Os voluntários foram submetidos ao procedimento exp (mais) erimental em quatro dias não consecutivos. No primeiro dia, aplicaram-se testes de 10RM nos exercícios rosca bíceps com haltere (RB) e cadeira extensora (CE). Após 48 horas, foi realizado um reteste de 10RM. Posteriormente à obtenção das cargas, realizaram-se três séries de 10RM nos exercícios selecionados. O ritmo de execução das séries em ambos os exercícios foi controlado por um metrônomo, estabelecendo-se um tempo de dois segundos para cada uma das fases excêntrica e concêntrica. A FC foi aferida por cardiofreqüencímetro e a PAS e PAD, pelo método auscultatório. A ANOVA de duas entradas com medidas repetidas, seguida do teste post-hoc de Tukey, não encontrou diferenças (p > 0,05) entre as respostas cardiovasculares nos diferentes exercícios. Contudo, verificaram-se diferenças significativas (p Resumo em inglês The aim of this study was to compare the behavior of the systolic blood pressure (SBP); diastolic blood pressure (DBP); heart rate (HR) and double product (DP) during the unilateral performance of three sets of 10RM in two exercises involving distinct muscular groups. Eighteen normotense men (22.4 ± 2.7 years; 76.2 ± 9.8 kg; 175.4 ± 6.0 cm) experienced in resisted exercises participated in the study. The volunteers were submitted to the experimental p (mais) rocedure in four non-consecutive days. On the first day, the 10RM tests were applied in the biceps curls with dumbbells (BC) and extensor bench (SB). After 48 hours, a re-test of 10RM was performed. After the loads were obtained, three sets of 10RM were performed in the selected exercises. The performance rhythm in both exercises was controlled by a metronome, with an established time of two seconds for each of the eccentric and concentric phases. The HR was measured though a cardiofrequency meter and the SBP and the DBP through the auscultatory method. The two-way ANOVA with repeated measurements, followed by the post-hoc test by Tukey did not find differences (p > 0.05) for intra-exercises SBP. Therefore, at least in the present study, the muscular mass involved in the strength training did not influence the acute cardiovascular responses in trained normotensive subjects.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

33

Pressão arterial obtida pelos métodos oscilométrico e auscultatório antes e após exercício em idosos/ Blood pressure assessed through oscillometric and auscultatory method before and after exercise in the elderly/ Presión arterial obtenida por los métodos oscilométrico y auscultatorio antes y tras ejercicio en adultos mayores

Scher, Luria Melo de Lima; Ferriolli, Eduardo; Moriguti, Julio C.; Lima, Nereida K. C.
2010-05-01

Resumo em português FUNDAMENTO: Diferentes métodos de medida da pressão arterial (PA) têm sido utilizados em avaliações clínicas e científicas. Entretanto, os métodos empregados apresentam limitações e particularidades a serem consideradas. OBJETIVO: Avaliar se valores semelhantes de PA são obtidos em idosos hipertensos submetidos ao exercício resistido, ao usarem-se os métodos oscilométrico (Omron-HEM-431) e auscultatório (esfigmomanômetro de mercúrio). MÉTODOS: Dezesseis (mais) idosos hipertensos realizaram três sessões experimentais randomizadas com diferentes volumes: as sessões controle (C: 40 minutos), exercício 1 (E1: 20 minutos) e exercício 2 (E2: 40 minutos). A PA foi medida simultaneamente pelos dois métodos, a cada 5 minutos durante 20 minutos antes das sessões e durante 60 minutos após as mesmas. RESULTADOS: No período pré-intervenção houve boa concordância entre as medidas da pressão arterial sistólica (PAS) e diastólica (PAD) obtidas pelos dois métodos, havendo também elevada concordância geral após as sessões (Coeficiente de Lin = 0,82 e 0,81, respectivamente). Houve melhor concordância da PAD após a sessão controle do que após as sessões de exercício. A diferença entre as medidas obtidas entre os dois métodos foi maior para a PAD do que para a PAS após todas as sessões (p Resumo em espanhol FUNDAMENTO: Diferentes métodos de medición de la presión arterial (PA) se vienen utilizando en evaluaciones clínicas y científicas. Sin embargo, los métodos empleados presentan limitaciones y particularidades a tener en cuenta. OBJETIVO: Evaluar si valores semejantes de PA se obtienen en adultos mayores hipertensos sometidos al ejercicio resistido, al emplearse los métodos oscilométrico (Omron-HEM-431) y auscultatorio (esfigmomanómetro de mercurio). MÉTODOS: Die (mais) ciséis adultos mayores hipertensos participaron en tres sesiones experimentales randomizadas con diferentes volúmenes: las sesiones control (C: 40 minutos), ejercicio 1 (E1: 20 minutos) y ejercicio 2 (E2: 40 minutos). La PA se midió simultáneamente por los dos métodos, a cada 5 minutos durante 20 minutos antes de las sesiones y durante 60 minutos tras las mismas. RESULTADOS: En el período pre intervención hubo una buena concordancia entre las mediciones de la presión arterial sistólica (PAS) y diastólica (PAD) obtenidas por los dos métodos, habiendo también elevada concordancia general tras las sesiones (Coeficiente de Lin = 0,82 y 0,81, respectivamente). Hubo mejor concordancia de la PAD tras la sesión control que después de las sesiones de ejercicio. La diferencia entre las medidas obtenidas entre los dos métodos fue mayor para la PAD que para la PAS tras todas las sesiones (p Resumo em inglês BACKGROUND: Different methods of measuring blood pressure (BP) have been used in clinical and scientific evaluations. However, the methods employed have constraints and peculiarities to be considered. OBJECTIVE: To evaluate whether similar BP values are obtained in elderly hypertensive patients undergoing resistance exercises when using the oscillometric (Omron-HEM-431) and auscultatory methods (mercury sphygmomanometer). METHODS: Sixteen elderly hypertensive patients und (mais) erwent three randomized experimental sessions with different volumes: control (C: 40 minutes), exercise 1 (E1: 20 minutes) and exercise 2 sessions (E2: 40 minutes). BP was measured simultaneously through two methods every 5 minutes for 20 minutes before the sessions and during 60 minutes after them. RESULTS: In the pre-intervention period, there was concordance between systolic blood pressure (SBP) and diastolic blood pressure measurements (DBP) obtained through two methods, as well as a high overall concordance after the sessions (Lin's concordance coefficient = 0.82 and 0.81, respectively). Greater concordance in DBP was found after the control session than after exercise sessions. The difference between the measurements obtained between the two methods was greater for DBP than for SBP after all sessions (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

34

Avaliação da efetividade do controle da hipertensão arterial em unidade básica de saúde/ Evaluation of the effectiveness of arterial hypertension control in a primary health unit

Sala, Arnaldo; Nemes Filho, Alexandre; Eluf-Neto, José
1996-04-01

Resumo em português Como parte integrante da avaliação de desempenho do Programa de Atenção à Saúde no Envelhecimento, desenvolvido em uma unidade básica de saúde, foi mensurada a efetividade da hipertensão arterial, segundo a redução dos níveis de pressão arterial em indivíduos hipertensos submetidos a ações programáticas para controle da doença, procurando identificar condições associadas com tal redução. Dos 396 pacientes portadores de hipertensão arterial sistêmic (mais) a inscritos no Programa, no período de 01/01/92 a 30/06/93, foram considerados para esta avaliação 250 casos que apresentavam, além de níveis pressóricos elevados (PA ³ 160/95 mmHg) em atendimentos iniciais no serviço (anteriores à inscrição no programa), pelo menos duas consultas médicas no seguimento programático. As diferenças de níveis pressóricos entre as medidas realizadas nas consultas anteriores ao início do atendimento programático, e as realizadas a partir do início destes atendimentos foram analisadas segundo o nível pressórico inicial, idade, sexo, diagnósticos na inscrição e faltas ao agendamento programático. Obteve-se redução na pressão arterial diastólica (PAD) de 5 mmHg ou mais, e/ou redução de 10 mmHg ou mais na pressão arterial sistólica (PAS) em l97 (78,8%) pacientes. A média da redução da PAD foi 8,8 mmHg (d.p. = 11,4), e da PAS foi 17,7 mmHg (d.p. = 18,6). Resultados de diversos estudos epidemiológicos permitem inferir redução do risco de mortalidade por doença cardiovascular em proporção considerável de indivíduos inscritos no Programa. Em 111 (44,4%) indivíduos ocorreu normalização da pressão aos níveis preconizados pelo Programa. A análise por meio de regressão linear múltipla demonstrou que, entre as variáveis estudadas, a pressão inicial e a percentagem de faltas no seguimento programático estiveram associadas de modo independente com a redução da PAS e da PAD. A idade esteve associada independentemente apenas com a redução da PAS. A participação da idade e da percentagem de faltas no seguimento programático revelam que o resultado final do trabalho programático não é insensível aos diferentes modos com que as pessoas assumem o cuidado com a própria saúde. Resumo em inglês The present study is part of a performance evaluation of the Aging Health Care Program carried out at a Primary Health Care Clinic. Activities for Arterial Hypertension (AH), control oriented accorging to a risk assessment, in conformity with Ministry of Health norms, are included in the Program mentioned. The effectiveness of the reduction of blood pressure (BP) levels in hypertensive individuals subjected to programmatic activities for disease control, in an attempt to (mais) identify conditions associated with that reduction, is evaluated. Of the 396 patients with AH registered under the Program between 01/01/92 and 06/30/93, 250 cases were included for this evaluation. These patients had, in addition to high blood pressure levels (BP ³ 160/95 mm Hg) on the first attendances at the health center (before registration in the programme), at least two medical consultations during program follow-up. The differences in blood pressure levels between measurements taken during consultations before the beginning of attendance at the program and those taken on the first attendances to the programme were analysed according to initial blood pressure level, age, sex, registering diagnosis and absences during the program follow-up. Reductions of ³ 5 mm Hg in diastolic blood pressure (DBP) and/or ³ 10 mm Hg in systolic blood pressure (SBP) were obtained in 197 (78.8%) patients. The mean reduction was 8.8 mm Hg (sd = 11.4) for DBP and 17.7 mm Hg (sd = 18.6) for SBP. Results of several epidemiological studies allow the inference that a decrease in the mortality risk from Cardiovascular Disease can be achieved in a significant proportion of the individuals registered in the program. Blood pressure normalization according to program norms occurred in 111 (44.4%) individuals. Multiple linear regression analysis demonstrated that initial blood pressure and percentages of absenteeism during the follow-up were independently associated with the reductions in SBP and DBP. Age was independently associated only with the reductions in SBP. Participation of age and percentage of absenteeism during follow-up thus reveal that the final result of the programmed work is also a result of the different ways people take care of their own health.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

35

Avaliação da efetividade do controle da hipertensão arterial em unidade básica de saúde/ Evaluation of the effectiveness of arterial hypertension control in a primary health unit

Sala, Arnaldo; Nemes Filho, Alexandre; Eluf-Neto, José
1996-04-01

Resumo em português Como parte integrante da avaliação de desempenho do Programa de Atenção à Saúde no Envelhecimento, desenvolvido em uma unidade básica de saúde, foi mensurada a efetividade da hipertensão arterial, segundo a redução dos níveis de pressão arterial em indivíduos hipertensos submetidos a ações programáticas para controle da doença, procurando identificar condições associadas com tal redução. Dos 396 pacientes portadores de hipertensão arterial sistêmic (mais) a inscritos no Programa, no período de 01/01/92 a 30/06/93, foram considerados para esta avaliação 250 casos que apresentavam, além de níveis pressóricos elevados (PA ³ 160/95 mmHg) em atendimentos iniciais no serviço (anteriores à inscrição no programa), pelo menos duas consultas médicas no seguimento programático. As diferenças de níveis pressóricos entre as medidas realizadas nas consultas anteriores ao início do atendimento programático, e as realizadas a partir do início destes atendimentos foram analisadas segundo o nível pressórico inicial, idade, sexo, diagnósticos na inscrição e faltas ao agendamento programático. Obteve-se redução na pressão arterial diastólica (PAD) de 5 mmHg ou mais, e/ou redução de 10 mmHg ou mais na pressão arterial sistólica (PAS) em l97 (78,8%) pacientes. A média da redução da PAD foi 8,8 mmHg (d.p. = 11,4), e da PAS foi 17,7 mmHg (d.p. = 18,6). Resultados de diversos estudos epidemiológicos permitem inferir redução do risco de mortalidade por doença cardiovascular em proporção considerável de indivíduos inscritos no Programa. Em 111 (44,4%) indivíduos ocorreu normalização da pressão aos níveis preconizados pelo Programa. A análise por meio de regressão linear múltipla demonstrou que, entre as variáveis estudadas, a pressão inicial e a percentagem de faltas no seguimento programático estiveram associadas de modo independente com a redução da PAS e da PAD. A idade esteve associada independentemente apenas com a redução da PAS. A participação da idade e da percentagem de faltas no seguimento programático revelam que o resultado final do trabalho programático não é insensível aos diferentes modos com que as pessoas assumem o cuidado com a própria saúde. Resumo em inglês The present study is part of a performance evaluation of the Aging Health Care Program carried out at a Primary Health Care Clinic. Activities for Arterial Hypertension (AH), control oriented accorging to a risk assessment, in conformity with Ministry of Health norms, are included in the Program mentioned. The effectiveness of the reduction of blood pressure (BP) levels in hypertensive individuals subjected to programmatic activities for disease control, in an attempt to (mais) identify conditions associated with that reduction, is evaluated. Of the 396 patients with AH registered under the Program between 01/01/92 and 06/30/93, 250 cases were included for this evaluation. These patients had, in addition to high blood pressure levels (BP ³ 160/95 mm Hg) on the first attendances at the health center (before registration in the programme), at least two medical consultations during program follow-up. The differences in blood pressure levels between measurements taken during consultations before the beginning of attendance at the program and those taken on the first attendances to the programme were analysed according to initial blood pressure level, age, sex, registering diagnosis and absences during the program follow-up. Reductions of ³ 5 mm Hg in diastolic blood pressure (DBP) and/or ³ 10 mm Hg in systolic blood pressure (SBP) were obtained in 197 (78.8%) patients. The mean reduction was 8.8 mm Hg (sd = 11.4) for DBP and 17.7 mm Hg (sd = 18.6) for SBP. Results of several epidemiological studies allow the inference that a decrease in the mortality risk from Cardiovascular Disease can be achieved in a significant proportion of the individuals registered in the program. Blood pressure normalization according to program norms occurred in 111 (44.4%) individuals. Multiple linear regression analysis demonstrated that initial blood pressure and percentages of absenteeism during the follow-up were independently associated with the reductions in SBP and DBP. Age was independently associated only with the reductions in SBP. Participation of age and percentage of absenteeism during follow-up thus reveal that the final result of the programmed work is also a result of the different ways people take care of their own health.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

36

Pressão arterial de adolescentes de escolas particulares de Fortaleza-CE/ Blood pressure of adolescents in private schools in Fortaleza-CE/ Presión arterial de adolescentes de escuelas particulares en Fortaleza-CE

Silva, Polyana Carina Viana da; Araújo, Márcio Flávio Moura de; Almeida, Lívia Silva de; Vasconcelos, Hérica Cristina Alves de; Freitas, Roberto Wagner Júnior Freire de; Damasceno, Marta Maria Coelho; Lopes, Marcos Venícios de Oliveira
2010-01-01

Resumo em português OBJETIVO: Identificar a pressão arterial de adolescentes de escolas particulares da cidade de Fortaleza-CE. MÉTODOS: Estudo do tipo quantitativo com delineamento transversal no qual foram investigados 794 adolescentes, entre 12-17 anos de idade de 14 escolas privadas dessa cidade no período de março a setembro de 2007, mediante aplicação de um formulário que abrangeu o registro das características sóciodemográficas, pressão arterial, Índice de Massa Corporal ( (mais) IMC), prática de atividade física e glicemia capilar. RESULTADOS: Verificou-se que 19,7% dos jovens apresentavam pressão arterial elevada. Os adolescentes do sexo masculino apresentaram pressão arteial sistólica (PAS) e pressão arterial diastólica (PAD) maiores do que a do sexo feminino (p=0,0001). A pesquisa constatou valores maiores de PAS e PAD naqueles com excesso de peso (p=0,0001). CONCLUSÃO: A pressão arterial foi influenciada sobretudo pelo sexo e IMC. Resumo em espanhol OBJETIVO: Identificar la presión arterial de adolescentes de escuelas particulares en la ciudad de Fortaleza-CE. MÉTODOS: Se trata de un estudio cuantitativo con delineamiento transversal en el cual fueron investigados 794 adolescentes - entre 12 y 17 años de edad - de 14 escuelas privadas de esa ciudad, en el período de marzo a septiembre de 2007. Se utilizó un formulario que contempló el registro de las siguientes características: socio-demográficas, presión ar (mais) terial, Índice de Masa Corporal (IMC), práctica de actividad física y, glucemia capilar. RESULTADOS: Se verificó que 19,7% de los jóvenes presentaban presión arterial elevada. Los adolescentes del sexo masculino presentaron presión arterial sistólica (PAS) y presión arterial diastólica (PAD) mayores que las del sexo femenino (p=0,0001). La investigación constató valores mayores de PAS y PAD en aquellos con exceso de peso (p=0,0001). CONCLUSIÓN: La presión arterial fue influenciada, sobre todo, por el sexo y el IMC. Resumo em inglês OBJECTIVE: To identify the blood pressure of adolescents in private schools in the city of Fortaleza-CE. METHODS: This is a cross-sectional and quantitative study in which 794 adolescents were surveyed - between 12 and 17 years of age - from 14 private schools of that city, in the period from March to September 2007. It was used a questionnaire that contemplated the following characteristics: socio-demographic, blood pressure, body mass index (BMI), physical activity and (mais) capillary glucose. RESULTS: It was found that 19.7% of young people had high blood pressure. The male participants had systolic blood pressure (SBP) and diastolic blood pressure (DBP) higher than females (p=0.0001). The investigation found higher values of SBP and DBP in those who were overweight (p=0.0001). CONCLUSION: The blood pressure was influenced mainly by gender and BMI.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

37

Prevalência de síndrome metabólica em homens/ Metabolic syndrome prevalence in males/ Prevalencia del síndrome metabólico en hombres

Pelegrini, Andreia; Santos-Silva, Diego A; Petroski, Edio L; Glaner, Maria F
2010-08-01

Resumo em português Objetivos Verificar a prevalência da síndrome metabólica (SM) em funcionários de uma empresa metalúrgica do Distrito Federal, por faixa etária e classificação étnico-racial; comparar indicadores bioquímicos, antropométricos e hemodinâmicos, de acordo com ausência e presença da SM. Métodos Participaram do estudo 125 homens (20-69 anos). As seguintes variáveis foram coletadas: idade, etnia, massa corporal, estatura, índice de massa corporal (IMC), circunf (mais) erência do abdômen (CA), glicemia, triglicerídeos, colesterol total (CT), lipoproteína de alta densidade (HDL-c) e pressão arterial sistólica (PAS) e diastólica (PAD). Resultados A prevalência de SM foi de 28 %. Os indivíduos com presença da SM apresentaram valores superiores de triglicerídeos, IMC, CA, PAS, PAD e inferiores de HDL-c. Observou-se aumento na presença de SM com o avanço da idade, em maior proporção (45,9 %) naqueles com idade superior a 40 anos. Conclusões A SM foi elevada em homens trabalhadores de uma empresa metalúrgica e esta se associou com a idade. Resumo em espanhol Objetivos Investigar la prevalencia del síndrome metabólico (SM) en los empleados de una empresa metalúrgica en el Distrito Federal, por edad y clasificación etno-racial; comparar los indicadores bioquímicos, antropométricos y hemodinámicos, según la presencia o ausencia de SM. Métodos El estudio incluyó a 125 hombres (20-69 años). Se incluyeron las siguientes variables: edad, etnia, masa corporal, talla (estatura), índice de masa corporal (IMC), circunferenci (mais) a abdominal (CA), glucosa, triglicéridos, colesterol total (CT), lipoproteínas de alta densidad (HDL-c) y la presión arterial sistólica (PAS) y diastólica (PAD). Resultados La prevalencia del SM fue de 28 %. Los individuos con presencia del síndrome metabólico mostraron valores altos de triglicéridos, IMC, CA, PAS, PAD y bajos valores de HDL-C. Se observó también, un aumento en la presencia del SM con el avanzo de la edad y una mayor proporción (45,9%) en los mayores de 40 años de edad. Conclusiones El SM presentó una alta prevalencia en los trabajadores de una empresa metalúrgica, lo cual se asoció con la edad. Resumo em inglês Objective Determining metabolic syndrome (MS) prevalence amongst employees from a steel company in Distrito Federal according to age and ethnic-racial classification, comparing biochemical, anthropometric and hemodynamic indicators according to MS presence or absence. Methods A total of 125 men (aged 20-69) participated in the study. Data was collected regarding age, ethnic origin, body weight, height, body mass index (BMI), waist circumference, glucose, triglycerides, to (mais) tal cholesterol, high-density lipoprotein (HDL-c), systolic (SBP) and diastolic blood pressure (DBP). Results MS prevalence was 28 %. Subjects suffering from MS presented higher triglyceride levels, had greater BMI, waist circumference, SBP and DBP and lower HDL-c. Increased MS frequency was observed with age, having higher frequency (45.9 %) amongst subjects aged more than 40. Conclusions MS prevalence was high amongst steel company workers; the condition was associated with age.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

38

Avaliação Ultra-Sonográfica do Crescimento Fetal com uso do Diâmetro Transverso do Cerebelo/ Ultrasonographic Evaluation of Fetal Growth with the use of the Transverse Cerebellar Diameter

Nery, Luiz; Moron, Antonio Fernandes; Kulay Junior, Luiz
2000-06-01

Resumo em português Objetivo: avaliar a eficácia do diâmetro transverso do cerebelo (DTC), por meio da ultra-sonografia, na evolução do crescimento fetal e relacioná-lo com a idade gestacional, diâmetro biparietal (DBP), circunferência cefálica (CC), circunferência abdominal (CA) e comprimento do fêmur (CF). Métodos: foi realizado um estudo prospectivo e longitudinal com 254 gestantes consideradas de baixo risco, com idade gestacional de 20 a 40 semanas. Somente 55 gestantes foram (mais) incluídas no estudo, segurados os critérios de inclusão e exclusão. Todos os exames, ou seja, as 217 avaliações ultra-sonográficas foram realizadas pelo autor (LN), sendo no mínimo três e no máximo seis exames para cada gestante, com intervalo de uma a cinco semanas. Foram estabelecidos padrões de normalidade entre os percentis 10 e 90 para cada idade gestacional, com confirmação após o parto. Resultados: o diâmetro transverso do cerebelo apresentou uma boa correlação com a idade gestacional, tanto como variável dependente (R² = 0,90), como variável independente (R² = 0,92). Uma correlação significativa na avaliação do crescimento fetal foi encontrada entre o DTC e os vários parâmetros fetais: DBP e CC (R² = 0,92), CF (R² = 0,90) e CA (R² = 0,89). Conclusões: o diâmetro transverso do cerebelo é um parâmetro que deve ser utilizado no acompanhamento do desenvolvimento e do crescimento fetal devido a sua curva de crescimento de padrão ascendente. Qualquer alteração para mais ou menos na curva de crescimento pode ser útil na detecção dos desvios do crescimento fetal. Resumo em inglês Purpose: to evaluate the effectiveness of the transverse cerebellar diameter (TCD), by ultrasonography, in the evolution of the fetal growth, and to relate it to gestational age, biparietal diameter (BPD), head circumference (HC), abdominal circumference (AC) and femur length (FL). Method: a prospective and longitudinal study was performed on 254 pregnant women considered of low risk, with a gestational age from 20 to 40 weeks. Only 55 pregnant women were included in the (mais) study, according to inclusion and exclusion criteria. All the examinations, 217 ultrasonographic evaluations, were done by the author (LN), at least three and at most six examinations for each pregnant woman being accomplished at an interval of one to five weeks. Normality patterns were established between the 10 and 90 percentiles for each gestational age and confirmed postnatally. Results: the transverse cerebellar diameter presented a good correlation with the gestational age either as a dependent variable (R² = 0.90) or as an independent variable (R² = 0.92). A significant relationship was found in the evaluation of the fetal growth between the TCD and the several fetal parameters: BPD and HC (R² = 0.92), FL (R² = 0.90) and AC (R² = 0.89). Conclusions: the transverse cerebellar diameter is a parameter that should be used in the follow-up of development and of fetal growth because of the ascending pattern of its growth curve. Any up- or downward alteration in the growth curve can be useful for the detection of deviations of fetal growth.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

39

Variáveis biopsicossociais e atitudes frente ao tratamento influenciam a hipertensão complicada/ Biopsychosocial variables and attitudes towards treatment influence complicated hypertension

Pierin, Angela Maria Geraldo; Jesus, Elaine dos Santos; Augusto, Mônica Aparecida de Oliveira; Gusmão, Josiane; Ortega, Kátia; Mion Jr, Décio
2010-10-01

Resumo em português FUNDAMENTO: A hipertensão complicada pode ser influenciada pelas características dos pacientes hipertensos. OBJETIVO: Associar a condição de hipertensão complicada com variáveis biossociais, tais como as atitudes e as crenças sobre a doença e o tratamento e o bem-estar subjetivo. MÉTODOS: Foram estudados 251 hipertensos não complicados (PAS > 140 mmHg e/ou 90 (mais) sões em órgãos-alvo e outras doenças) e 260 hipertensos complicados (PAD > 110 mmHg com ou sem tratamento, com lesões em órgãos-alvo ou outras doenças). RESULTADOS: Os hipertensos complicados foram significativamente diferentes dos não complicados (p Resumo em inglês BACKGROUND: Complicated hypertension can be influenced by the characteristics of hypertensive patients. OBJECTIVE: To associate the condition of complicated hypertension with biosocial variables such as attitudes and beliefs about the disease and treatment and subjective well-being. METHODS: We studied 251 uncomplicated hypertensive patients (SBP > 140 mmHg and/or 90 (mais) target organ damage and other diseases) and 260 complicated hypertensive patients (DBP > 110 mmHg with or without treatment, with target organ damage or other diseases). RESULTS: Complicated hypertensive patients were significantly different from uncomplicated ones (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

40

Comportamento da pressão arterial após exercícios contra-resistência: uma revisão sistemática sobre variáveis determinantes e possíveis mecanismos/ Blood pressure behavior after counter-resistance exercises: a systematic review on determining variables and possible mechanisms/ Comportamiento de la presión arterial después de ejercicios contra resistencia: una revisión sistemática sobre variables determinantes y posibles mecanismos

Polito, Marcos Doederlein; Farinatti, Paulo de Tarso Veras
2006-12-01

Resumo em português A hipotensão pós-exercício (HPE) é um fenômeno com elevada relevância clínica, mas que ainda apresenta aspectos duvidosos em relação às variáveis que podem contribuir para sua manifestação. A dúvida é maior quando o exercício contra-resistência é aplicado com intuito de proporcionar HPE. Nesse sentido, o objetivo deste estudo foi rever algumas variáveis do exercício contra-resistência que podem estar associadas à HPE. Além disso, foram comentados al (mais) guns mecanismos fisiológicos possivelmente relacionados com esse efeito. Encontraram-se 14 referências abrangendo o exercício contra-resistência e a HPE. Seis estudos observaram efeito hipotensivo para a pressão arterial sistólica (PAS) e/ou diastólica (PAD) após o exercício contra-resistência. Contudo, foi observado que alguns estudos não identificaram diferenças significativas (p > 0,05) para PAS e PAD (n = 4) ou até relataram aumento significativo (p Resumo em espanhol La hipertensión después del ejercicio (HPE) es un fenómeno con elevada relevancia clínica, pero aún si presenta aspectos dudosos en relación a las variables que pueden contribuir para su manifestación. La duda es mayor cuando el ejercicio contra resistencia es aplicado con el intuito de proporcionar HPE. En ese sentido, el objetivo de este estudio ha sido el de rever algunas variables del ejercicio contra resistencia que pueden estar asociadas a la HPE. Además de (mais) esto, fueron comentados algunos mecanismos fisiológicos, posiblemente relacionados con ese efecto. Se encontró 14 referencias abarcando el ejercicio contra resistencia y la HPE. Seis estudios observaron el efecto hipotensivo para la presión arterial sistólica (PAS) y/o diastólica (PAD) después del ejercicio contra resistencia. A pesar de eso, se observó que algunos estudios no identificaron diferencias significativas (p > 0,05) para PAS y PAD (n = 4) o hasta reportaron aumento significativo (p Resumo em inglês Post-exercise hypotension (PEH) is a phenomenon with high clinical relevance, despite its doubtful aspects concerning the variables that may contribute to its manifestation. The questioning is even greater when counter-exercise is applied with the purpose to cause PEH. Within this context, the aim of this study was to review some variables of the counter-resistance exercise that may be associated with PEH. Moreover, some physiological mechanisms possibly related to this e (mais) ffect were discussed. Fourteen references were found concerning counter-exercise and PEH. Six studies observed hypotensive effect for systolic blood pressure (SBP) and/or diastolic blood pressure (DBP) after the counter-resistance exercise. However, it was observed that some studies did not identify significant differences (p > 0.05) for SBP and DBP (n = 4) or even reported significant increase (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

41

Efeito da temperatura da água nas respostas cardiovasculares durante a caminhada aquática/ Effect of water temperature in cardiovascular responses during aquatic walking

Ovando, Angélica Cristiane; Eickhoff, Heloisa Meinke; Dias, Jonathan Ache; Winkelmann, Eliane Roseli
2009-12-01

Resumo em português O objetivo deste estudo foi verificar o efeito da temperatura da água nas respostas cardiovasculares: frequência cardíaca (FC), pressão arterial sistólica (PAS) e pressão arterial diastólica (PAD), durante a caminhada aquática em três temperaturas (29°C, 33°C e 37°C). Participaram do estudo 10 homens, com média de idade de 23,2 ± 2,25 anos, massa corporal de 78,4 ± 4,01kg e estatura de 1,774 ± 0,017m. Os participantes realizaram caminhadas aquáticas duran (mais) te 30 min, a uma cadência controlada de 55 passos/minuto, na altura do processo xifoide, em dias diferentes para cada temperatura, sendo as respostas cardiovasculares monitoradas nos minutos 5, 10, 20 e 30. Apesar do efeito principal de 75,4% (p Resumo em inglês The purpose of this study was to investigate the effect of water temperature in cardiovascular responses: heart rate (HR), systolic blood pressure (SBP) and diastolic blood pressure (DBP), while walking in water at different temperatures (29°C, 33°C e 37°C). Ten men, mean age 23.2 ± 2.25 years, mean weight 78.4 ± 4.01 kg, mean stature 1.774 ± 0.017 m, participated in the study. Each individual underwent water walking in different days for each temperature during 30 (mais) min, with a controlled cadence of 55 steps per minute, at a depth in the xiphoid process. During aquatic walking, the HR and blood pressure (BP) were measured at the 5th, 10th, 20th, and 30th minute of walking. Despite the 75.4% (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

42

Efeitos de um programa de exercício físico não-supervisionado e acompanhado a distância, via internet, sobre a pressão arterial e composição corporal em indivíduos normotensos e pré-hipertensos/ The effects of nonsupervised exercise program, via internet, on blood pressure and body composition in normotensive and pré-hipertensive individuals

Nunes, Ana Paula de Oliveira Barbosa; Rios, Aline Cristina dos Santos; Cunha, Gisela Arsa da; Barretto, Antonio Carlos Pereira; Negrão, Carlos Eduardo
2006-04-01

Resumo em português OBJETIVO: Verificar os efeitos de um programa de condicionamento físico não-supervisionado e acompanhado via internet, por um período de seis meses, na pressão arterial e composição corporal em indivíduos normotensos e pré-hipertensos. MÉTODOS: Participaram 135 indivíduos divididos em dois grupos: 1) normotenso (n = 57), 43 ± 1 anos, pressão arterial sistólica (PAS) (mais) nos, PAS de 120 a 139 e PAD de 80 a 89 mmHg (GII). RESULTADOS: Após três e seis meses de condicionamento físico, os indivíduos GII apresentaram redução significativa na PAS (-3,6 ± 0,94 e -10 ± 0,94 mmHg, p Resumo em inglês OBJECTIVE: To verify the effects of a six-month non-supervised physical training program followed via the Internet on blood pressure and body composition in normotensive and borderline hypertensive individuals. METHODS: One hundred and thirty five individuals were divided into two groups: 1) normotensive individual (n = 57), 43 ± 1 years of age, systolic blood pressure (SBP) (mais) ividual (n = 78), 46 ± 1 years of age, SBP 120 to 139 and DBP 80 to 89 mmHg (GII). RESULTS: After a three and six-month physical training, GII individuals showed a significant reduction in SBP (-3.6 ± 0.94 and -10 ± 0.94 mmHg, p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

43

Respostas pressóricas pós-exercícios com pesos executados em diferentes sobrecargas por mulheres normotensas/ Post-exercise pressoric responses of exercises performed at different loads by normotensive women

Gurjão, André Luiz Demantova; Salvador, Emanuel Péricles; Cyrino, Edilson Serpeloni; Gerage, Aline Mendes; Schiavoni, Durcelina; Gobbi, Sebastião
2009-02-01

Resumo em português O treinamento com pesos (TP) vem sendo amplamente recomendado para a melhoria de alguns componentes da aptidão física relacionada à saúde. Mais recentemente, vem-se discutindo o impacto do TP em indivíduos com disfunções crônico-degenerativas como a hipertensão arterial. Assim, o objetivo deste estudo foi comparar o efeito de um programa de TP executado com diferentes sobrecargas sobre o comportamento da pressão arterial (PA) pós-exercício. Para tanto, 16 mulh (mais) eres jovens (20,5 ± 1,5 anos) e aparentemente saudáveis, após ser submetidas a oito semanas de TP para equiparação dos níveis de condicionamento muscular, foram separadas, aleatoriamente, em dois grupos. A partir daí, cada grupo realizou 12 semanas de TP sob diferentes intensidades (GI = 3 X 6-8 RM e GII = 3 X 10-12 RM, respectivamente), com a freqüência de três sessões semanais em dias alternados. Medidas de PA foram obtidas em repouso, por meio do método auscultatório, e nos minutos 1, 5, 10 e 30 após o término de uma sessão de TP. ANOVA two way para medidas repetidas foi utilizada nas comparações entre grupos nos diferentes períodos de tempo, ao passo que o teste post hoc de Scheffé foi empregado para a identificação das diferenças específicas, sendo adotado nível de significância de 5%. Nenhuma diferença estatisticamente significante foi encontrada, tanto para a PA sistólica (PAS) quanto diastólica (PAD), na comparação entre os grupos. Todavia, o efeito hipotensivo do TP foi identificado somente no GI, a PAS apresentando redução significante, quando comparada com os valores de repouso, a partir do 10º minuto de recuperação pós-exercício (P Resumo em inglês Resistance training (RT) has been widely recommended for improvement of some health-related physical fitness components. Recently, the impact of RT in individuals with chronic-degenerative dysfunctions such as hypertension has been discussed. Thus, the aim of this study was to compare the effects of one program of resistance training performed at different intensities on post-exercise blood pressure response. Therefore, sixteen apparently healthy young women (20.5 ± 1.5 (mais) year-old) were randomly separated in two groups after having been submitted to an eight-week RT for equalization of muscular fitness levels. Each group then performed 12 weeks of RT prescribed by one of two different-intensity protocols (GI = 3 x 6-8 RM; GII = 3 x 10-12 RM; three alternated days per week). Systolic (SBP) and diastolic (DBP) blood pressures were assessed at rest and at minutes 1, 5, 10 and 30 after training, through auscultatory technique. Two-way ANOVA for repeated measures was used for comparison between groups at the different moments, and Scheffé post-hoc test (a = 5%) was applied to point out where the differences occur. No significant statistical difference (P > 0.05) was found for SBP or DBP between groups at any moment. However, the RT hypotensive effect was observed only for GI, with the SBP showing a significant reduction when compared to rest values at minutes 10 and 30 of recovery (P

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

44

Excesso de peso e hipertensão arterial em trabalhadores de empresas beneficiadas pelo Programa de Alimentação do Trabalhador (PAT)/ Overweight and hypertension in workers from companies benefited by the Worker Food Program (WFP)

Sarno, Flávio; Bandoni, Daniel Henrique; Jaime, Patrícia Constante
2008-09-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar as prevalências de excesso de peso (EP), hipertensão arterial (HA) e fatores associados em trabalhadores de empresas beneficiadas pelo Programa de Alimentação do Trabalhador (PAT) da cidade de São Paulo. MÉTODOS: Estudo transversal com 1.339 trabalhadores de 30 empresas. A coleta de dados envolveu a aplicação de um questionário com dados de caracterização dos trabalhadores e peso e altura auto-referidos. Foi realizada a aferição da pressão (mais) arterial e o estado nutricional foi classificado segundo o Índice de Massa Corporal (IMC). Odds ratios foram estimadas na avaliação dos fatores de risco associados a HA e EP. RESULTADOS: Os trabalhadores apresentaram, em média, 36,4 anos (dp = 10,3) e 9,9 anos de estudo (dp = 2,3), sendo 60% da amostra pertencente ao sexo masculino. Na comparação com homens, mulheres apresentaram valores significativamente menores de idade, pressão arterial sistólica (PAS) e diastólica (PAD) e IMC e maior escolaridade. As prevalências em homens de EP (25 kg/m2) (56%) e de HA (PAS > 140 mmHg e/ou PAD > 90 mmHg ou uso de medicações anti-hipertensivas) (38%), foram aproximadamente o dobro da registrada em mulheres (30% e 19%), respectivamente. Idade foi fator de risco para a ocorrência de EP e HA em ambos os sexos, enquanto que a escolaridade foi fator de proteção para EP e HA em mulheres e fator de risco para o desenvolvimento de EP em homens. CONCLUSÃO: Os trabalhadores do sexo masculino constituíram uma população de maior risco para ocorrência de HA e EP e devem ser priorizados nos programas que visam a prevenção dessas doenças. Neste sentido, o PAT pode representar um lugar de destaque nas ações de saúde e nutrição no ambiente de trabalho. Resumo em inglês OBJECTIVE: Evaluate the prevalences of overweight (OW), hypertension (HY) and associated factors in workers from companies benefited by the Worker Food Program (WFP) in the city of Sao Paulo. METHODS: Cross sectional study with 1,339 workers from 30 companies. Data collection was carried out through a questionnaire with descriptive informations of workers and self-reported weight and height. Blood pressure was measured and nutritional status was classified according to bo (mais) dy mass index (BMI). Odds ratios were estimated to evaluate the risk factors associated to HY and OW. RESULTS: Workers were, on average, 36.4 years old (sd = 10.3), had 9.9 years of education (sd = 2.3), and 60% of the sample were male. In comparison with men, women presented significantly smaller values of weight, systolic (SBP) and diastolic blood pressure (DBP), and BMI, and higher schooling. The prevalence in men of OW (BMI > 25 kg/m2) (56%) and HY (SBP > 140 mmHg and/or DBP ³ 90 mmHg or use or anti-hypertensive medications) (38%) was approximately two-fold than in women (30% and 19%), respectively. Age was a risk factor for the occurrence of OW and HY for both genders; whereas schooling was a protective factor for OW and HY in women and a risk factor for OW in men. DISCUSSION: Male workers showed a greater risk for OW and HY and should be prioritized in prevention programs for these diseases. In that sense, the WFP presents itself as a good opportunity for health and nutrition actions in the workplace.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

45

Excesso de peso e hipertensão arterial em trabalhadores de empresas beneficiadas pelo Programa de Alimentação do Trabalhador (PAT)/ Overweight and hypertension in workers from companies benefited by the Worker Food Program (WFP)

Sarno, Flávio; Bandoni, Daniel Henrique; Jaime, Patrícia Constante
2008-09-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar as prevalências de excesso de peso (EP), hipertensão arterial (HA) e fatores associados em trabalhadores de empresas beneficiadas pelo Programa de Alimentação do Trabalhador (PAT) da cidade de São Paulo. MÉTODOS: Estudo transversal com 1.339 trabalhadores de 30 empresas. A coleta de dados envolveu a aplicação de um questionário com dados de caracterização dos trabalhadores e peso e altura auto-referidos. Foi realizada a aferição da pressão (mais) arterial e o estado nutricional foi classificado segundo o Índice de Massa Corporal (IMC). Odds ratios foram estimadas na avaliação dos fatores de risco associados a HA e EP. RESULTADOS: Os trabalhadores apresentaram, em média, 36,4 anos (dp = 10,3) e 9,9 anos de estudo (dp = 2,3), sendo 60% da amostra pertencente ao sexo masculino. Na comparação com homens, mulheres apresentaram valores significativamente menores de idade, pressão arterial sistólica (PAS) e diastólica (PAD) e IMC e maior escolaridade. As prevalências em homens de EP (25 kg/m2) (56%) e de HA (PAS > 140 mmHg e/ou PAD > 90 mmHg ou uso de medicações anti-hipertensivas) (38%), foram aproximadamente o dobro da registrada em mulheres (30% e 19%), respectivamente. Idade foi fator de risco para a ocorrência de EP e HA em ambos os sexos, enquanto que a escolaridade foi fator de proteção para EP e HA em mulheres e fator de risco para o desenvolvimento de EP em homens. CONCLUSÃO: Os trabalhadores do sexo masculino constituíram uma população de maior risco para ocorrência de HA e EP e devem ser priorizados nos programas que visam a prevenção dessas doenças. Neste sentido, o PAT pode representar um lugar de destaque nas ações de saúde e nutrição no ambiente de trabalho. Resumo em inglês OBJECTIVE: Evaluate the prevalences of overweight (OW), hypertension (HY) and associated factors in workers from companies benefited by the Worker Food Program (WFP) in the city of Sao Paulo. METHODS: Cross sectional study with 1,339 workers from 30 companies. Data collection was carried out through a questionnaire with descriptive informations of workers and self-reported weight and height. Blood pressure was measured and nutritional status was classified according to bo (mais) dy mass index (BMI). Odds ratios were estimated to evaluate the risk factors associated to HY and OW. RESULTS: Workers were, on average, 36.4 years old (sd = 10.3), had 9.9 years of education (sd = 2.3), and 60% of the sample were male. In comparison with men, women presented significantly smaller values of weight, systolic (SBP) and diastolic blood pressure (DBP), and BMI, and higher schooling. The prevalence in men of OW (BMI > 25 kg/m2) (56%) and HY (SBP > 140 mmHg and/or DBP ³ 90 mmHg or use or anti-hypertensive medications) (38%) was approximately two-fold than in women (30% and 19%), respectively. Age was a risk factor for the occurrence of OW and HY for both genders; whereas schooling was a protective factor for OW and HY in women and a risk factor for OW in men. DISCUSSION: Male workers showed a greater risk for OW and HY and should be prioritized in prevention programs for these diseases. In that sense, the WFP presents itself as a good opportunity for health and nutrition actions in the workplace.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

46

Análise combinada de fatores genéticos e ambientais na hipertensão essencial em um município da região Amazônica/ Combined analysis of genetic and environmental factors on essential hypertension in a brazilian rural population in the Amazon region

Freitas, Silvia Regina Sampaio; Cabello, Pedro Hernan; Moura-Neto, Rodrigo Soares; Dolinsky, Luciana Cresta; Bóia, Marcio Neves
2007-04-01

Resumo em português OBJETIVO: Este estudo avaliou a contribuição de seis polimorfismos genéticos presentes em genes do sistema renina-angiotensina-aldosterona (SRAA) e fatores de risco clínicos para o desenvolvimento da hipertensão arterial essencial em um município da região Amazônica. MÉTODOS: Oitenta e dois indivíduos hipertensos e setenta e oito indivíduos normotensos foram genotipados quanto à presença de polimorfismos REN-G1051A (renina), AGT-M235T (angiotensinogênio), EC (mais) A-Alu I/D (enzima conversora de angiotensina I), AGTR1-A1166C (receptor tipo 1 da angiotensina II) e CYP11B2-C344T (aldosterona sintetase) pela técnica de reação em cadeia da polimerase (PCR), com análise de restrição quando necessário. A influência de polimorfismos genéticos e fatores de risco clínicos na variação da pressão arterial foi avaliada por meio de regressão linear stepwise. RESULTADOS: Relatamos a co-ocorrência de fatores de risco clínicos e polimorfismo do gene da enzima conversora de angiotensina (ECA) na população de um município da região amazônica. Nossos resultados mostram que a elevação da pressão arterial sistólica é favorecida pelo alelo D do polimorfismo de inserção/deleção do gene da ECA e pelo aumento da idade, enquanto consumo de bebida alcoólica e envelhecimento estão associados ao aumento da pressão arterial diastólica (PAD). CONCLUSÃO: Esses achados indicam que os moradores de Santa Isabel do Rio Negro que possuem o alelo D da ECA ou têm o hábito de beber apresentam valores mais elevados de PAS e PAD, respectivamente, com o passar dos anos. Resumo em inglês OBJECTIVE: In the present study, we evaluated the contribution of six genetic polymorphisms of the Renin-Angiotensis-Aldosterone system (RAAS) and clinical risk factors in the development of essential hypertension in a Brazilian rural population in the Amazon region. METHODS: Eighty-two hypertensive patients and seventy-eight normotensive individuals were evaluated. Genotyping for renin (REN G1051A), angiotensinogen (AGT) M235T, insertion/deletion of angiotensin-convertin (mais) g enzyme (ACE I/D), angiotensin II type 1 receptor (AGTR1) A1166C and aldosterone synthase (CYP11B2) C344T polymorphisms were performed using polymerase chain reaction, with further restriction analysis when required. The influence of genetic polymorphisms and clinical risk factors on blood pressure variation was assessed by stepwise linear regression. RESULTS: We report the co-occurrence of clinical risk factors and angiotensin-converting enzyme (ACE) gene polymorphism in a Brazilian rural population in the Amazon region. Our results indicate that increase of systolic blood pressure (SBP) is favored by ACE I/D- D allele and advanced age, while alcohol consumption and aging are associated with high diastolic blood pressure (DBP). CONCLUSION: These findings suggest that in the Santa Isabel do Rio Negro population, the residents that carry ACE-D allele or have an alcohol consumption habit present higher values of SBP and DBP, respectively, with the passing of years.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

47

Correlação da medida de espessura intra-abdominal medida pela ultra-sonografia com os fatores de risco cardiovascular

Leite, Claudia C.; Matsuda, Daniella; Wajchenberg, Bernardo L.; Cerri, Giovanni G.; Halpern, Alfredo
2000-02-01

Resumo em português O objetivo do estudo foi determinar se a Gordura intra Abdominal medida pela Ultra-Sonografia (GAUS) em homens e mulheres tem associação com os fatores de risco cardiovascular, comparar essa medida com a circunferência abdominal e diâmetro sagital para precisar qual destes métodos é o melhor preditor de risco cardiovascular (CV), e tentar encontrar um ponto de corte para GAUS que possa definir maior risco de doença CV. Cento e noventa e um homens sadios e 231 mulhe (mais) res sadias foram submetidas à medidas antropométricas, medidas de pressão arterial sistêmica e dosagens laboratoriais para colesterol, HDL, triglicerídeos e glicemia. A ultra-sonografia intra-abdominal foi realizada para medir espessura visceral. A amostra foi dividida em três grupos de acordo com a presença dos seguintes fatores de risco cardiovascular: 1) grupo de moderado risco - presença de dois ou mais dos fatores: col > 200mg/dL, HDL-colesterol 200mg/dL, Glic > 126mg/dL, PAs > 140mmHg, PAd > 90mmHg; 2) grupo de alto risco com dois ou mais dos fatores: total col > 240mg/dL, HDL-colesterol 200mg/dL +HDL 126mg/dL, PAs > 140mmHg, PAd > 90mmHg; 3) grupo sem risco: com um ou nenhum dos fatores de risco presentes. Os resultados mostraram que a GAUS tem associação com todos os fatores de risco cardiovascular e tem melhor especificidade e acurácia que a circunferência abdominal e o diâmetro sagital. O valor de 7cm para ambos os sexos foi o ponto de corte para GAUS para predizer risco moderado; 8 e 9cm foram os pontos de cortes obtidos para GAUS para predizer alto risco CV em homens e mulheres, respectivamente. A GAUS é um método útil de determinar espessura visceral e parece ser capaz de predizer risco cardiovascular. Resumo em inglês The objective of our study was to determine if Intra Abdominal Thickness measured by Ultrasonography (IATU) has correlation with cardiovascular risk factors, and if it is a better predictor of cardiovascular risk than waist circumference and sagittal diameter. Finally we tried to find a cut off point for abdominal thickness measured by Ultrasonography to predict cardiovascular disease (CVD). One hundred ninety one healthy men and 231 healthy women were submitted to anthro (mais) pometric evaluation and blood pressure measure. Blood samples were drawn for total plasma cholesterol, HDL, triglyceride and glucose determination. Intra-abdominal Ultrasonography was performed to measure abdominal thickness. The population was divided in three groups according to the presence of CVD risk factors: 1) moderately risk group (MR) with two or more of the following: total chol > 200mg/dL, HDL-cholesterol 200mg/dL, Glu > 126mg/DI, SBP > 140mmHg, DBP > 90mmHg; 2) high risk group (HR) with two or more of the indicated: total chol > 240mg/dl, HDL-cholesterol 200mg/dl + HDL-cholesterol 126mg/dl, SBP > 140mmHg, DBP > 90mmHg; 3) no risk group (NR) - with only one or none of the risk factors indicated in the moderate and high group. The results showed that IATU has association with all cardiovascular risk factors and has better specificity and accurately for CVD risk than waist circumference and sagittal diameter. The values of 7cm for both sexes was the cut off lengths obtained by IATU to predict moderate CV risk; 8 and 9cm were the cut off length obtained by IATU to predict high CV risk for men and for women respectively. The IATU is a useful way to determine visceral fat and seems to be predictive of cardiovascular risk.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

48

Estudo "LOTHAR": avaliação de eficácia e tolerabilidade da combinação fixa de anlodipino e losartana no tratamento da hipertensão arterial primária/ The "LOTHAR" study: evaluation of efficacy and tolerability of the fixed combination of amlodipine and losartan in the treatment of essential hypertension

Kohlmann Jr, Osvaldo; Oigman, Wille; Mion Jr., Décio; Rocha, João Carlos; Gomes, Marco Antonio Mota; Salgado, Natalino; Feitosa, Gilson Soares; Dallaverde, Ernesto; Ribeiro, Artur Beltrame
2006-01-01

Resumo em português OBJETIVO: O estudo LOTHAR avaliou a eficácia, tolerabilidade e os efeitos metabólicos em médio e longo prazo (um ano) da combinação fixa de anlodipino e losartana versus anlodipino e losartana isoladamente. MÉTODOS: Estudo multicêntrico brasileiro, randomizado, duplo-cego e comparativo realizado com 198 pacientes com hipertensão arterial primária em estágios 1 e 2. RESULTADOS: A combinação fixa apresenta alta eficácia anti-hipertensiva que se mantém em longo (mais) prazo com percentual reduzido de escape do controle pressórico, inferior a dos dois regimes monoterápicos de comparação. Em longo prazo, mais de 60% dos pacientes tratados com a combinação fixa permaneceram com níveis da PAD Resumo em inglês OBJECTIVE: The LOTHAR study evaluated medium and long term (one year) efficacy, tolerability and metabolic effects of the fixed combination of amlodipine and losartan compared to amlodipine or losartan alone. METHODS: Brazilian multicenter, randomized, double-blind and comparative trial performed with 198 patients in stage 1 and 2 essential hypertension. RESULTS: The fixed combination has a high antihypertensive efficacy that is sustained in the long term with very low pe (mais) rcentage of loss of blood pressure control. This percentage is incidentally lower than that of the two monotherapy comparative regimens. In the long term, more than 60% of the patients treated with the fixed combination remained with DBP

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

49

Avaliação da microalbuminúria em indivíduos não diabéticos/ Evaluation of microalbuminuria in non-diabetic individuals

Corrêa, Fernanda H.S.; Nogueira, Verônica G.; Clemente, Eliete L.S.; Bevilácqua, Maria de F.; Gomes, Marília de Brito
2006-06-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar a presença de microalbuminúria em indivíduos não diabéticos, associando-a à presença de fatores de risco cardiovasculares como hipertensão arterial, tabagismo, dislipidemia e obesidade. A taxa de excreção urinária de albumina (EUA) foi avaliada em relação aos índices de secreção e resistência insulínica (RI). PACIENTES E MÉTODOS: 105 indivíduos com idade de 33,4 ± 1,4 anos (57,1% mulheres) foram submetidos ao TOTG com 75 g de d (mais) extrose, sendo avaliadas as curvas de glicose e insulina: valores basais e em 2h, valores de pico e áreas sob a curva (ASC). Para a avaliação da secreção e RI, utilizamos os índices: insulinogênico, delta, HOMA, QUICKI, relação glicose/insulina e relação entre os índices insulinogênico e HOMA. As amostras para avaliação da albuminúria foram colhidas overnight. Os indivíduos foram divididos em dois grupos: 1) tolerância normal à glicose e 2) alteração do metabolismo glicídico. RESULTADOS: Houve diferença entre os 2 grupos para idade, IMC, PA, cintura, RCQ, colesterol, triglicerídeos (TG), glicemias (GJ e G2h), ASCg, índices HOMA e QUICKI, e relação entre os índices insulinogênico e HOMA. A EUA foi de 4,28 ± 2,73 µg/mL, apresentando correlação com PAD, GJ, G2h, ASCg, VPG, HOMA, I2h, VPI e ASCi. Após regressão em stepwise, apenas ASCg foi preditora de EUA. Na comparação da amostra estratificada em quartis de EUA, o 1º e o 4º quartis foram estatisticamente diferentes para IMC, PAS, PAD, cintura, quadril, G2h, TG, LDL, ASCg, ASCi, VPG e índices HOMA e QUICKI. CONCLUSÃO: Embora não houvesse nenhum indivíduo com microalbuminúria, encontramos diferença entre a EUA em indivíduos com diferentes graus de tolerância à glicose e diferenças entre as variáveis clínicas e laboratoriais entre o 1º e o 4º quartis de EUA. Nossos achados sugerem que em indivíduos não diabéticos o aumento da EUA está relacionado a algumas características da síndrome metabólica, o que pode conferir uma maior suscetibilidade aterogênica. Resumo em inglês AIM: To evaluate the presence of microalbuminuria in non-diabetic subjects, associating it to the presence of cardiovascular risk factors like hypertension, smoking, dislipidemia and obesity. The urinary albumin excretion rate (UAE) was also evaluated regarding to insulin secretion and resistance indices. DESIGN AND METHODS: 105 subjects aged 33.4 ± 1.4 years (57.1% women), received 75 g dextrose for an OGTT, and the following variables were evaluated for glucose a (mais) nd insulin curves: basal and 2 hours values, peak values (PV) and area under the curves (AUC). To evaluate insulin secretion and resistance, we used the insulinogenic, delta, HOMA, QUICKI, glucose to insulin ratio and the relation between insulinogenic and HOMA indices. A urine sample was collected overnight for albuminuria. Individuals were allocated in two groups: 1) normal, and 2) altered glucose metabolism. RESULTS: The two groups differed in age, BMI, BP, abdominal circumference (AC), WHR, cholesterol, triglycerides (TG), glycemias (basal and 2h), AUCg, HOMA and QUICKI indices and the relation between insulinogenic and HOMA. Mean UAE was 4.28 ± 2.73 µg/mL, correlating to DBP, glycemias, AUCg, GPV, HOMA, 2h insulin, IPV e AUCi. By stepwise multiple-regression analysis, only AUCg was predictive of UAE. By comparing interquartile intervals of UAE, we found statistical significance between the 1st and 4th quartile for: BMI, SBP, DBP, AC, waist, 2h glucose, TG, LDL, AUCg, AUCi, GPV and HOMA and QUICKI indices. CONCLUSION: Although in the absence of microalbuminuric individuals, we found differences among UAE in individuals across a range of glucose tolerance and differences between clinical and laboratorial variables in the interquartile analysis. Our findings suggest that in non-diabetic individuals, UAE is associated to some characteristics of the metabolic syndrome, probably predisposing to greater atherogenic susceptibility.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

50

Monitores automáticos de pressão arterial: avaliação de três modelos em voluntárias/ Monitores automáticos de presión arterial: evaluación de tres modelos en voluntarias/ Automatic blood pressure monitors: evaluation of three models in volunteers

Imbelloni, Luiz Eduardo; Beato, Lúcia; Tolentino, Ana Paula; Souza, Dulcimar Donizete de; Cordeiro, José Antônio
2004-02-01

Resumo em português JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Desde 1903 a monitorização da pressão arterial tem sido realizada por método não invasivo, com esfigmomanômetro ou aparelhos automáticos não invasivos. Um dos problemas da medida da pressão arterial não invasiva é considerar a variação da pressão arterial com o método utilizado. O método oscilométrico de medida da pressão arterial avalia a pressão arterial durante a deflação do manguito. Dificuldades da medida da pressão ar (mais) terial pelo método oscilométrico podem acontecer por: tamanho inadequado do manguito, incorreta aplicação do manguito, faltas não detectadas pelo manguito e conectores, movimento do braço, estado de choque e compressão vascular proximal ao manguito. Este estudo avaliou a confiabilidade dos aparelhos nas medidas da pressão arterial pelo método não invasivo em cinco medidas com três aparelhos diferentes. MÉTODO: Foi avaliada a pressão arterial em 60 voluntárias com idades entre 20 e 40 anos no período das 7 às 11 horas da manhã, na posição sentada de um dia normal de trabalho. A medida da pressão arterial constou de cinco aferições com intervalo de 2 minutos. Foram estudados três aparelhos automáticos de medida da pressão arterial. Nenhuma paciente era obesa, hipertensa ou sofria de doença cardíaca ou disritmias cardíacas. A medida indireta da pressão arterial era feita de acordo com as instruções dos fabricantes. RESULTADOS: Não há diferença entre os três grupos estudados em relação aos parâmetros demográficos. A variação média intrapessoal na PAS, de uma medida para outra, foi de até 6,7 mmHg, na PAM de até 4,9 mmHg e na PAD de até 3,3 mmHg, todas com intervalo de confiança de 95%. A diferença máxima entre as medidas na mesma voluntária foi de 49 mmHg na PAS, 46 mmHg na PAM e 28 mmHg na PAD. CONCLUSÕES: Este trabalho mostrou que há variação significativa entre as medidas das PAS, PAM e PAD e que a PAD é o parâmetro mais fidedigno para verificar alterações da pressão arterial em voluntárias. Resumo em espanhol JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: Desde 1903 la monitorización de la presión arterial ha sido realizada por método no invasor, con esfigmomanómetro o aparatos automáticos no invasores. Uno de los problemas de la medida de la presión arterial no invasora es considerar la variación de la presión arterial con el método utilizado. El método oscilométrico de medida de la presión arterial evalúa la presión arterial durante la deflación del manguito. Dificultades de la m (mais) edida de la presión arterial por el método oscilométrico pueden acontecer por: tamaño inadecuado del manguito, incorrecta aplicación del manguito, faltas no detectadas por el manguito y conectores, movimiento del brazo, estado de choque y compresión vascular proximal al manguito. Este estudio evaluó la confianza de los aparatos en las medidas de la presión arterial por el método no invasor en cinco medidas con tres aparatos diferentes. MÉTODO: Fue evaluada la presión arterial en 60 voluntarias con edades entre 20 y 40 años en el período de las 7 a las 11 horas de la mañana, en la posición sentada de un día normal de trabajo. La medida de la presión arterial constató de cinco afericiones con intervalo de 2 minutos. Fueron estudiados tres aparatos automáticos de medida de la presión arterial. Ninguna paciente era obesa, hipertensa o sofría de enfermedad cardíaca o disritmias cardíacas. La medida indirecta de la presión arterial era hecha de acuerdo con las instrucciones de los fabricantes. RESULTADOS: No hay diferencia entre los tres grupos estudiados en relación a los parámetros demográficos. La variación media intrapersonal en la PAS, de una medida para otra, fue de hasta 6,7 mmHg, en la PAM de hasta 4,9 mmHg y en la PAD de hasta 3,3 mmHg, todas con intervalo de confianza 95%. La diferencia máxima entre las medidas en la misma voluntaria fue de 49 mmHg en la PAS, 46 mmHg en la PAM y 28 mmHg en la PAD. CONCLUSIONES: Este trabajo mostró que hay variación significativa entre as medidas de las PAS, PAM y PAD y que la PAD es el parámetro más fidedigno para verificar alteraciones de la presión arterial en voluntarias. Resumo em inglês BACKGROUND AND OBJECTIVES: Since 1903, blood pressure has been noninvasively monitored (NIBP), either with manual sphygmomanometer or automated noninvasive devices. One NIBP measurement problem is the considerable variance in blood pressure data, both within and between available techniques. The oscillometric method for NIBP monitoring evaluates blood pressure during cuff deflation. Difficulties in blood pressure measurement by oscillometry may arise from: inadequate cuff (mais) size, inadequate cuff application, undetected fails in cuff, hoses, or connectors, arm movement, shock and vascular compression proximal to the cuff. This study aimed at evaluating the reliability of three noninvasive blood pressure monitoring devices during five measurements. METHODS: Blood pressure of 60 healthy female volunteers aged 20 to 40 years was evaluated from 7 am to 11 am, in the sitting position during a normal workday. Five measures were taken with each device at 2-minute intervals. Three automatic blood pressure monitors were studied. No patient was obese, hypertensive or suffering from cardiac disease and cardiac arrhythmia. Indirect measurements were made according to manufacturers' instructions. RESULTS: There were no differences in demographics among the three studied groups. Mean intrapersonal variation from one measurement to the other was up to 6.7 mmHg for systolic blood pressure (SBP), 4.9 mmHg for mean blood pressure (MBP) and 3.3 mmHg for diastolic blood pressure (DBP) with 95% confidence interval. The highest difference between measures in the same volunteer was 49 mmHg for SBP, 46 mmHg for MBP and 28 mmHg for DBP. CONCLUSIONS: This study has shown significant variations in SBP, MBP and DBP and that SBP is the most reliable parameter to check blood pressure changes in volunteers.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

51

Associação das medidas antropométricas de localização de gordura central com os componentes da síndrome metabólica em uma amostra probabilística de adolescentes de escolas públicas/ Association between central body anthropometric measures and metabolic syndrome components in a probabilistic sample of adolescents from public schools

Alvarez, Marlene M.; Vieira, Ana Carolina R. e; Sichieri, Rosely; Veiga, Gloria V. da
2008-06-01

Resumo em português Avaliou-se a associação entre medidas antropométricas de localização de gordura central: circunferências da cintura (CC) e abdominal (CA) e as razões cintura/quadril (RCQ) e cintura/estatura (RCE), independente do percentual de gordura corporal (%GC) e índice de massa corporal (IMC), com os componentes da síndrome metabólica (SM) em uma amostra probabilística de 610 (222 meninos e 388 meninas) adolescentes de 12 a 19 anos de escolas públicas de Niterói, RJ. F (mais) oram avaliados glicose e perfil lipídico pelo método enzimático automatizado, insulina pela técnica de radioimunoensaio, %GC pela bioimpedância elétrica e a pressão arterial sistólica (PAS) e diastólica com manômetro digital. A associação entre as medidas antropométricas foi verificada por meio de regressão linear múltipla, com ajuste para IMC, %GC e idade. Nos meninos, a associação positiva entre CC (b = 1,03, p Resumo em inglês It was investigated the association of waist circumference (WC), abdominal circumference (AC), Waist-to-Hip ratio(WHR) and Waist-Height ratio (WHtR) adjusted by body mass index (BMI) and % body fat (BF) with metabolic syndrome components in a probabilistic sample of 610 adolescents aged 12-19 years (222 boys and 388 girls) from public schools of Niterói, Rio de Janeiro. Fasting glucose and lipids were assayed using automated enzymatic method and insulin was determined by (mais) radioimmuno assay. Systolic (SBP) and diastolic (DBP) blood pressure were measured using an automated recorder and % BF by electric bioimpedance. The association of the anthropometric measures with metabolic syndrome components was evaluated by multivariate linear regression adjusted according to the age, BMI or %BF. In boys, a positive association between WC (b=1.03 p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

52

Diagnóstico de hipertensão arterial sistêmica: evidências de que os critérios contemporâneos devem ser revistos/ Hypertension diagnoses: some evidences suggesting criteria changes

Fuchs, F.D.; Lubianca Neto, J.; Moraes, R.S.; Jotz, J.C.; Wannmacher, L.; Rosito, G.A.; Paoli, C.L. de; Moreira, L.B.
1997-09-01

Resumo em português Diversos comitês normativos em hipertensão arterial recomendam considerar a média de várias aferições da pressão arterial com esfigmomanômetro para diagnosticar hipertensão. Não há consenso sobre o número de medidas a serem consideradas. OBJETIVO. Descrever o comportamento da pressão arterial obtida em três dias diferentes, utilizando-se a média de seis aferições para o diagnóstico de hipertensão. MÉTODOS. No ambulatório de hipertensão da Unidade de (mais) Farmacologia Clínica do Hospital de Clínicas de Porto Alegre, emprega-se a média de seis determinações, obtidas em três dias diferentes, para diagnosticar e classificar a hipertensão, exceto nos pacientes com valores muito baixos ou elevados nas duas primeiras aferições. Cinqüenta e oito pacientes foram submetidos a essa rotina. RESULTADOS. As médias das pressões sistólica (PS) e diastólica (PD) decresceram da primeira à sexta determinação (ANOVA para medidas repetidas: F = 4,45, p = 0,001 para PS e F = 5,54, p Resumo em inglês It has been recommended to take the average of several blood pressure (BP) determinations with a sphygmomanometer to diagnose hypertension, but there is no agreement on the reading numbers. PURPOSE. Describing the behavior of BP readings taken in three different days to establish the classificatory BP in an outpatient hypertension clinic. METHOD. In the outpatient hypertension clinic of the Clinical Pharmacology Division of the Hospital de Clínicas de Porto Alegre, we us (mais) e the mean of six readings taken in three different days to establish the classificatory blood pressure, except for those with very high or low values in the first day. In this report we describe the behavior of BP in 58 patients submitted to this routine. RESULTS. The mean of systolic (SBP) and diastolic (DBP) blood pressures decreased from the first to the 6th reading (ANOVA for repeated measurements: F = 4.45, P = 0.001 for SBP and F = 5.54, P

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

53

Avaliação da hipertensão arterial resistente pela monitorização residencial da pressão arterial/ Assessment of resistant hypertension with home blood pressure monitoring/ Evaluación de la hipertensión arterial resistente por monitoreo residencial de la presión arterial

Marui, Fabiane Rosa Rezende H.; Bombig, Maria Teresa Nogueira; Francisco, Yoná Afonso; Thalenberg, José Marcos; Fonseca, Francisco Antonio Helfenstein; Souza, Dilma de; Costa, Francisco de Assis; Izar, Maria Cristina; Carvalho, Antonio Carlos de Camargo; Póvoa, Rui
2010-10-01

Resumo em português FUNDAMENTO: A monitorização ambulatorial da pressão arterial (MAPA) é considerada o padrão-ouro para a confirmação diagnóstica da hipertensão arterial resistente (HAR). No entanto, a monitorização residencial da pressão arterial (MRPA) tem sido considerada uma opção, pelo seu custo menor e maior conforto. OBJETIVO: Comparar os valores obtidos pela MRPA com os obtidos pela MAPA na identificação de pacientes hipertensos resistentes. MÉTODOS: Foram seleciona (mais) dos consecutivamente 51 pacientes hipertensos resistentes, adultos de ambos os sexos, em tratamento ambulatorial de referência, de jan/2007 a set/2009. A medida da pressão arterial (PA) casual de consultório, MAPA de 24 horas e MRPA foram realizadas conforme as diretrizes vigentes, com intervalo máximo de duas semanas entre os métodos. RESULTADOS: Ao comparar a MAPA (média de vigília) e MRPA, foi obtida boa correlação entre ambas, tanto para a pressão arterial sistólica (PAS) quanto para a diastólica (PAD): PAS r = 0,70, IC = 0,51-0,82; PAD r = 0,69, IC = 0,52-0,81. A HAR foi confirmada pela MAPA em 33 pacientes e pela MRPA em 37 desses, não havendo diferença significante entre os dois métodos. CONCLUSÃO: De acordo com os resultados obtidos, conclui-se que a MRPA é um exame que pode ser utilizado como alternativa à MAPA para a confirmação diagnóstica da HAR. Resumo em espanhol FUNDAMENTO: El monitoreo ambulatorio de la presión arterial (MAPA) es considerado el gold standard para la confirmación diagnóstica de la hipertensión arterial resistente (HAR). Mientras tanto, el monitoreo residencial de la presión arterial (MRPA) ha sido considerado una opción, por su costo menor y mayor confort. OBJETIVO: Comparar los valores obtenidos por la MRPA con los obtenidos por la MAPA en la identificación de pacientes hipertensos resistentes. MÉTODOS: (mais) Fueron seleccionados consecutivamente 51 pacientes hipertensos resistentes, adultos de ambos sexos, en tratamiento ambulatorio de referencia, de ene/2007-set/2009. La medida de la presión arterial (PA) casual de consultorio, MAPA de 24 horas y MRPA fueron realizadas según las directrices vigentes, con intervalo máximo de dos semanas entre los métodos. RESULTADOS: Al comparar la MAPA (media de vigilia) y MRPA, fue obtenida buena correlación entre ambas, tanto para la presión arterial sistólica (PAS) como para la diastólica (PAD): PAS r = 0,70, IC = 0,51-0,82; PAD r = 0,69, IC = 0,52-0,81. La HAR fue confirmada por la MAPA en 33 pacientes y por la MRPA en 37 de esos, no habiendo diferencia significativa entre los dos métodos. CONCLUSIÓN: De acuerdo con los resultados obtenidos, se concluye que la MRPA es un examen que puede ser utilizado como alternativa a la MAPA para la confirmación diagnóstica de la HAR. Resumo em inglês BACKGROUND: Ambulatory blood pressure monitoring (ABPM) is considered the gold standard for the diagnostic confirmation of resistant hypertension (RH). However, home blood pressure monitoring (HBPM) has been considered an option, because of its lower cost and greater comfort. OBJECTIVE: To compare the values obtained by HBPM with those obtained by ABPM in the identification of patients with resistant hypertension. METHODS: A total of 51 consecutive patients with resistant (mais) hypertension were selected. All were adults of both genders and were undergoing treatment in an outpatient referral clinic from January 2007 to September 2009. Casual office blood pressure (BP), 24-hour ABPM, and HBPM were performed according to current guidelines, with a maximum two-week interval between the methods. RESULTS: The comparison of ABPM (mean daytime) with HBPM showed a good correlation between them, both for systolic blood pressure (SBP) and for diastolic blood pressure (DBP): SBP r = 0.70, CI = 0.51-0.82, DBP r = 0.69, CI = 0.52-0.81. RH was confirmed by ABPM in 33 patients and by HBPM in 37, with no significant difference between the methods. CONCLUSION: According to the results obtained, we conclude that HBPM is a method that can be used as an alternative to ABPM for the diagnostic confirmation of RH.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

54

Avaliação tomográfica pulmonar tardia em prematuros com displasia broncopulmonar e persistência de canal arterial/ Late pulmonary tomography assessment in premature infants with bronchopulmonary dysplasia submitted to patent ductus arteriosus managemnent

Beani, Lilian; Moscardini, Airton Camacho; Souza, Antonio Soares; Souza Jr, Arthur Soares; Yamamoto, Adriana Érica; Croti, Ulisses Alexandre; Braile, Domingo Marcolino
2007-12-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliação tomográfica do parênquima pulmonar de crianças nascidas prematuras de muito baixo peso, com persistência do canal arterial submetidas a tratamento clínico ou cirúrgico e que apresentaram displasia broncopulmonar. MÉTODOS: Entre dezembro de 2006 e janeiro de 2007, 14 crianças foram submetidas à tomografia computadorizada de alta resolução (TCAR), que nasceram prematuras, peso inferior a 1500 gramas, com displasia broncopulmonar (DBP) e pers (mais) istência do canal arterial (PCA), os quais necessitaram tratamento para oclusão do canal, sendo divididos em dois grupos: A - clínico (n = 6) e B - cirúrgico (n = 8). Nove pacientes eram do sexo masculino e cinco, do feminino, com idade média de 36,5±4,3 meses. As TCAR foram analisadas por dois observadores independentes e as lesões quantificadas em cada paciente. Para análises estatísticas, foi utilizado o teste de Mann-Whitney e considerados significantes valores de p Resumo em inglês OBJECTIVE: To assess through high-resolution computed tomography the pulmonary parenchyma of children prematurely born with both very low birth weight and patent ductus arteriosus submitted to medical or surgical treatment that developed bronchopulmonary dysplasia. METHODS: Between December 2006 and January 2007, 14 children prematurely born with a weight less than 1500g with bronchopulmonary dysplasia (BPD) and patent ductus arteriosus (PDA) were submitted to high-resolu (mais) tion computed tomography (HRCT). All of them underwent surgical closure of the canal divided into two groups: A - medical (n=6) and B - surgical (n=8). The pool of patients comprised 9 baby boys and 5 girls who were 36.5±4.3 month-old. The HRCT were analyzed by two independent observers and quantified in each patient. The statistical analyses were assessed using the Mann-Whitney test, and p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

55

Influência da distribuição da gordura corporal sobre a prevalência de hipertensão arterial e outros fatores de risco cardiovascular em indivíduos obesos/ Influence of body fat distribution on the prevalence of arterial hypertension and other cardiovascular risk factors in obese patients

Carneiro, Gláucia; Faria, Alessandra N.; Ribeiro Filho, Fernando F.; Guimarães, Adriana; Lerário, Daniel; Ferreira, Sandra R.G.; Zanella, Maria Teresa
2003-09-01

Resumo em português OBJETIVOS: Indivíduos obesos são mais predispostos à ocorrência de eventos cardiovasculares que indivíduos com peso normal. Para se avaliar o impacto da obesidade e da distribuição de gordura corporal sobre o risco cardiovascular, avaliamos uma população de indivíduos com sobrepeso ou obesidade. MÉTODOS: Foram feitas medidas do índice de massa corporal (IMC), da relação entre as medidas da cintura e do quadril (RCQ), da pressão arterial sistólica (PAS) e d (mais) iastólica (PAD) e dos níveis da glicemia de jejum, colesterol total e triglicérides. RESULTADOS: Altas prevalências de intolerância à glicose ou diabetes (21,8%), hipercolesterolenemia (49,1%), hipertrigliceridemia (21,3%) e hipertensão arterial (43,8%) foram observadas nesta população. A prevalência de hipertensão aumentou de 23% no grupo com sobrepeso (IMC 25-29,9 kg/m²) para 67,1% (p 40kg/m²). Também a prevalência de hipertensão aumentou de 35,7% naqueles com RCQ entre 0,73 e 0,88 para 66,6% naqueles com RCQ >0,97 (p 40kg/m² (p Resumo em inglês INTRODUCTION: Obese people are at higher cardiovascular risk than people with normal body weight. The objective of this study was to establish the relationship between obesity, body fat distribution and cardiovascular risk factors. METHODS: Body mass index (BMI), waist-hip ratio (WHR) systolic (SBP) and diastolic blood pressure (DBP), plasma cholesterol, triglycerides and glucose levels were determined in a population of 499 overweight and obese patients (432F/67M; age 39 (mais) ±12.9y). RESULTS: High prevalence of abnormal glucose tolerance or diabetes (21.8%), hypercholesterolenemia (49.1%), hypertri glyceridemia (21.3%) and hypertension (43.8%) were found in this population. The prevalence of hypertension increased from 23% in patients with BMI 25-29.9 kg/m² to 67.1% (p 40kg/m² and also from 35.7% in patients with WHR between 0.73 and 0.88 to 66.6% in those with WHR >0.97 (p 40kg/m², (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

56

Modificação do padrão respiratório melhora o controle cardiovascular na hipertensão essencial/ Spontaneous respiratory modulation improves cardiovascular control in essential hypertension

Pinheiro, Carlos Hermano da Justa; Medeiros, Renato Antônio Ribeiro; Pinheiro, Denise Gonçalves Moura; Marinho, Maria de Jesus Ferreira
2007-06-01

Resumo em português FUNDAMENTO: Estudos recentes apontam os benefícios do controle da respiração na melhoria do barorreflexo, variabilidade da freqüência cardíaca e redução da pressão arterial em pacientes hipertensos. OBJETIVO: Avaliar os efeitos do treinamento com técnica de respiração lenta na modulação dos sistemas cardiovascular e respiratório de pacientes (n=10, homens e mulheres, com 45 a 60 anos de idade) com hipertensão arterial essencial, assistidos em ambulatório. (mais) MÉTODOS: No delineamento do estudo, cada paciente foi utilizado como controle de si mesmo, sendo a coleta de dados realizada antes e após o período de intervenção. Foram avaliados parâmetros como variabilidade da freqüência cardíaca, pressão arterial sistólica, pressão arterial diastólica, pressão arterial média, ventilometria, cirtometria torácica e análise estatística dos dados. O treinamento respiratório utilizou exercícios de baixa freqüência e foi realizado duas vezes por semana durante um mês. Cada sessão teve duração de 30 minutos. RESULTADOS: Os resultados demonstraram redução da pressão arterial sistólica, da pressão arterial diastólica e da pressão arterial média (p Resumo em inglês BACKGROUND: Recent studies show that controlled breathing improves baroreflex and heart rate variability and lowers blood pressure in hypertensive patients. OBJECTIVE: To evaluate the effects of slow breathing training on cardiorespiratory system modulation of patients (n=10, men and women, ages ranging from 45 to 60) with essential hypertension seen in an outpatient setting. METHODS: According to the study design, each patient was used as his/her own control, and data we (mais) re collected before and after the intervention. The following parameters were assessed: heart rate variability (HRV), systolic blood pressure (SBP), diastolic blood pressure (DBP), mean arterial blood pressure (MAP), respirometry, chest expansion measurement, and statistical data analysis. Respiratory training was performed in 30-minute sessions held twice a week over one month using slow breathing exercises. RESULTS: Our results were as follows: a reduction in SBP, DPB, and MAP (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

57

Diferenças entre os sexos na atividade da enzima conversora de angiotensina e na pressão arterial em crianças: um estudo observacional/ Gender differences in serum angiotensin-converting enzyme activity and blood pressure in children: an observational study

Landazuri, Patricia; Granobles, Claudia; Loango, Nelsy
2008-12-01

Resumo em português FUNDAMENTO: A enzima conversora da angiotensina (ECA), principal enzima do sistema renina-angiotensina (SRA), desempenha um papel importante na regulação da pressão arterial. A atividade enzimática da ECA e sua relação com a pressão arterial (PA) durante a infância e a adolescência ainda não foram claramente estabelecidas. OBJETIVO: Determinar as diferenças relacionadas ao sexo nos níveis séricos da ECA e nas alterações da PA, bem como a relação entre ECA (mais) e PA, em estudantes entre 8 e 18 anos de idade. MÉTODOS: Os valores de pressão arterial, peso, altura, índice de massa corporal (IMC) e níveis séricos da ECA foram medidos em 501 crianças. RESULTADOS: Os valores médios da ECA foram mais elevados em meninos (143,7 ± 57,1) do que em meninas (130,2 ± 54,9) (p = 0,004). Enquanto nas meninas os níveis séricos da ECA diminuíram com a idade, nos meninos ocorria o inverso. Após o início da puberdade, os níveis da ECA eram mais elevados em meninas do que em meninos da mesma idade. Nos dois sexos, a idade foi um forte determinante da pressão arterial (PA). Constatamos a existência de uma relação entre a ECA e a pressão arterial sistólica (PAS) e a pressão arterial diastólica (PAD) nas meninas (PAS: r = -0,20; p Resumo em inglês BACKGROUND: Angiotensin-converting enzyme (ACE) is a key enzyme of the renin-angiotensin system that plays an important role in regulating blood pressure. ACE enzyme activity and its relationships with blood pressure (BP) during childhood and adolescence have not yet been clearly established. OBJECTIVE: To determine serum ACE (S-ACE) levels and BP changes in school children between 8 and 18 years of age and how S-ACE and BP in males and females might differ, as well as to (mais) determine S-ACE and BP relationships. METHODS: Blood pressure, height, weight, body mass index (BMI), and S-ACE were measured in 501 children. RESULT: Mean S-ACE values were higher in boys (143.7±57.1) than in girls (130.2 ± 54.9) (p = 0.004). S-ACE values decreased in girls and increased in boys with age, and values for girls were lower than for age-matched boys after onset of puberty. Age was a strong determinant of BP levels in both genders. We found a relationship between ACE and systolic blood pressure (SBP) and diastolic blood pressure (DBP) in girls (SBP r= -0.20 p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

58

Efeitos sistêmicos da hipoxemia noturna em pacientes com doença pulmonar obstrutiva crônica sem síndrome da apnéia obstrutiva do sono/ Systemic effects of nocturnal hypoxemia in patients with chronic obstructive pulmonary disease without obstructive sleep apnea syndrome

Mueller, Paulo de Tarso Guerrero; Gomes, Marcílio Delmondes; Viegas, Carlos Alberto de Assis; Neder, José Alberto
2008-08-01

Resumo em português OBJETIVO: Estudar os efeitos da hipoxemia noturna em pacientes com doença pulmonar obstrutiva crônica sem síndrome da apnéia obstrutiva do sono. MÉTODOS: Estudamos 21 pacientes-10 dessaturadores e 11 não-dessaturadores-submetidos a gasometria arterial, polissonografia, espirometria, teste de exercício cardiopulmonar (cicloergômetro), dinamometria manual e medidas de pressão inspiratória máxima, pressão expiratória máxima e proteína C reativa (PCR). Incluír (mais) am-se os pacientes com pressão parcial arterial de oxigênio > 60 mmHg; excluíram-se os com índice de apnéia-hipopnéia > 5 eventos/hora de sono. Foram medidos consumo máximo de oxigênio, potência máxima, pressão arterial sistólica, pressão arterial diastólica (PAD) e frequência cardíaca máxima durante exercício, visando detectar alterações hemodinâmicas. A PCR foi considerada positiva quando acima de 3 mg/L. RESULTADOS: A saturação periférica de oxigênio mínima durante o sono foi significativamente maior nos não-dessaturadores (p = 0,03). Mais dessaturadores apresentaram PCR > 3 mg/L (p Resumo em inglês OBJECTIVE: To study the effects of nocturnal hypoxemia in patients with chronic obstructive pulmonary disease without obstructive sleep apnea syndrome. METHODS: We studied 21 patients-10 desaturators and 11 nondesaturators-submitted to arterial blood gas analysis, polysomnography, spirometry, cardiopulmonary exercise testing (cycle ergometer), and hand-grip dynamometry, as well as measurements of maximal inspiratory pressure, maximal expiratory pressure, and C-reactive pr (mais) otein (CRP) levels. Patients with arterial oxygen tension > 60 mmHg were included; those with an apnea-hypopnea index > 5 events/hour of sleep were excluded. Maximal oxygen uptake, maximal power, systolic blood pressure, diastolic blood pressure (DBP), and maximal heart rate were measured during exercise in order to detect hemodynamic alterations. Patients presenting CRP levels above 3 mg/L were considered CRP-positive. RESULTS: Minimal peripheral oxygen saturation during sleep was significantly higher among nondesaturators (p = 0.03). More desaturators presented CRP > 3 mg/L (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

59

Influência do estado de treinamento sobre o comportamento da pressão arterial após uma sessão de exercícios com pesos em idosas hipertensas/ Influence of the training status on the blood pressure behavior after a resistance training session in hypertensive older females

Costa, João Bruno Yoshinaga; Gerage, Aline Mendes; Gonçalves, Cássio Gustavo Santana; Pina, Fábio Luiz Cheche; Polito, Marcos Doederlein
2010-04-01

Resumo em português INTRODUÇÃO: São escassas as investigações envolvendo o efeito hipotensivo pós-esforço dos exercícios com pesos em idosos e hipertensos. OBJETIVO: Verificar o comportamento da pressão arterial sistólica (PAS), diastólica (PAD) e média (PAM) após uma sessão de exercícios com pesos em idosas hipertensas treinadas e não treinadas. MÉTODOS: Participaram do estudo 15 mulheres (66 ± 4 anos; 63,9 ± 9,1kg; 1,6 ± 0,1m) divididas em grupo treinadas (GT; n = 6) e (mais) grupo não treinadas (GNT; n = 9). A amostra foi submetida aleatoriamente a uma sessão controle (SC), na qual permaneceram sentadas em repouso por 40 min e a uma sessão experimental (SE), realizando sete exercícios com pesos executados em duas séries de 10-15 repetições máximas. A pressão arterial foi verificada pelo método auscultatório após 10 min de repouso no período pré-exercício e em ciclos de 15 min durante 1h após o término da sessão. RESULTADOS: Não foram encontradas diferenças entre os grupos para as variáveis analisadas no período pré-exercício. A análise de variância para medidas repetidas identificou, no GT, PAS significativamente menor no 30º min após o exercício comparado com o repouso (P = 0,03) durante a SE e nenhuma diferença na SC. O GNT apresentou reduções na PAS (P Resumo em inglês BACKGROUND: There are few studies on post-resistance exercise hypotension in hypertensive older females. PURPOSE: To verify the acute systolic (SBP), diastolic (DBP), and mean arterial pressure (MAP) response after a resistance exercise session performed by hypertensive elderly subjects with and without experience in resistance training. METHODS: Fifteen elderly women (66 ± 4 yrs; 63.9 ± 9.1 kg; 1.6 ± 0.1 m) were divided in trained group (TG; n = 6) and non-trained gro (mais) up (NTG; n = 9). The sample performed a control session (CS - seated during 40 min) and experimental session (ES - seven resistance exercises; two sets; 10-15 RM). Blood pressure was assessed by auscultation after 10 min at rest (pre-exercise) and every 15 min during 60 min post-exercise. RESULTS: No difference was identified between groups at rest. The analysis of variance showed drop to SBP at 30 min after exercises (P = 0.03) in ES and no difference for CS. NTG showed drop to SBP (P

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

60

Obesidade e fatores de risco para o desenvolvimento de doenças crônicas não transmissíveis entre usuários de unidade de alimentação e nutrição/ Obesity and risk factors for the development of chronic non-transmissible diseases among consumers in a foodservice unit

Mariath, Aline Brandão; Grillo, Luciane Peter; Silva, Raquel Oliveira da; Schmitz, Patrícia; Campos, Isabel Cristina de; Medina, Janete Rosa Pretto; Kruger, Rejane Magda
2007-04-01

Resumo em português O objetivo deste estudo foi avaliar o estado nutricional e fatores de risco para doenças crônicas não transmissíveis entre 1.252 funcionários de uma indústria em Santa Catarina, Brasil. Foram estudadas as variáveis: estado nutricional, circunferência da cintura, pressão arterial, glicemia, idade e escolaridade. Observou-se sobrepeso e obesidade em 45% e 10% da amostra, respectivamente, com associação significativa entre o estado nutricional e sexo, mas não ent (mais) re estado nutricional e escolaridade, ajustados por idade. Verificaram-se valores de circunferência da cintura elevados em 33% dos funcionários, com diferença significativa entre sexos. Observou-se pressão arterial sistólica (PAS) e pressão arterial diastólica (PAD) elevadas em 18% e 11% dos funcionários, respectivamente, com associação significativa entre sexos após ajuste por idade. Diagnosticou-se diabetes mellitus tipo II em 2% da amostra e glicemia alterada em 4%. Após ajuste por idade, as únicas variáveis associadas à circunferência da cintura foram a PAS e a PAD. Estes resultados permitiram que atividades preventivas e educacionais fossem desenvolvidas pela empresa, de modo a melhorar a qualidade de vida e a produtividade dos funcionários. Resumo em inglês This study aimed to assess nutritional status and risk factors for chronic non-transmissible diseases in 1,252 factory employees in Santa Catarina State, Brazil. The following variables were studied: nutritional status, waist circumference, blood pressure, blood glucose levels, age, and schooling. Overweight and obesity were observed in 45% and 10% of the sample, respectively, with a significant association between nutritional status and gender, but not between nutritiona (mais) l status and schooling, adjusted for age. The proportion of high waist circumference was 33%, with a significant difference between genders. High systolic blood pressure (SBP) and diastolic blood pressure (DBP) were present in 18% and 11% of the employees, respectively, with a significant association between genders after adjusting for age. Type II diabetes mellitus was diagnosed in 2% of the sample and altered glucose levels in 4%. After adjusting for age, the only variables significantly associated with waist circumference were SBP and DPB. The results allowed the implementation of preventive and educational activities to improve employees' quality of life and productivity.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

61

Obesidade e fatores de risco para o desenvolvimento de doenças crônicas não transmissíveis entre usuários de unidade de alimentação e nutrição/ Obesity and risk factors for the development of chronic non-transmissible diseases among consumers in a foodservice unit

Mariath, Aline Brandão; Grillo, Luciane Peter; Silva, Raquel Oliveira da; Schmitz, Patrícia; Campos, Isabel Cristina de; Medina, Janete Rosa Pretto; Kruger, Rejane Magda
2007-04-01

Resumo em português O objetivo deste estudo foi avaliar o estado nutricional e fatores de risco para doenças crônicas não transmissíveis entre 1.252 funcionários de uma indústria em Santa Catarina, Brasil. Foram estudadas as variáveis: estado nutricional, circunferência da cintura, pressão arterial, glicemia, idade e escolaridade. Observou-se sobrepeso e obesidade em 45% e 10% da amostra, respectivamente, com associação significativa entre o estado nutricional e sexo, mas não ent (mais) re estado nutricional e escolaridade, ajustados por idade. Verificaram-se valores de circunferência da cintura elevados em 33% dos funcionários, com diferença significativa entre sexos. Observou-se pressão arterial sistólica (PAS) e pressão arterial diastólica (PAD) elevadas em 18% e 11% dos funcionários, respectivamente, com associação significativa entre sexos após ajuste por idade. Diagnosticou-se diabetes mellitus tipo II em 2% da amostra e glicemia alterada em 4%. Após ajuste por idade, as únicas variáveis associadas à circunferência da cintura foram a PAS e a PAD. Estes resultados permitiram que atividades preventivas e educacionais fossem desenvolvidas pela empresa, de modo a melhorar a qualidade de vida e a produtividade dos funcionários. Resumo em inglês This study aimed to assess nutritional status and risk factors for chronic non-transmissible diseases in 1,252 factory employees in Santa Catarina State, Brazil. The following variables were studied: nutritional status, waist circumference, blood pressure, blood glucose levels, age, and schooling. Overweight and obesity were observed in 45% and 10% of the sample, respectively, with a significant association between nutritional status and gender, but not between nutritiona (mais) l status and schooling, adjusted for age. The proportion of high waist circumference was 33%, with a significant difference between genders. High systolic blood pressure (SBP) and diastolic blood pressure (DBP) were present in 18% and 11% of the employees, respectively, with a significant association between genders after adjusting for age. Type II diabetes mellitus was diagnosed in 2% of the sample and altered glucose levels in 4%. After adjusting for age, the only variables significantly associated with waist circumference were SBP and DPB. The results allowed the implementation of preventive and educational activities to improve employees' quality of life and productivity.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

62

Cirurgia bariátrica cura síndrome metabólica?/ Can bariatric surgery cure metabolic syndrome?

Carvalho, Perseu Seixas de; Moreira, Cora Lavigne de C.B.; Barelli, Melina da Costa; Oliveira, Flávia Heringer de; Guzzo, Mariana Furieri; Miguel, Gustavo P. Soares; Zandonade, Eliana
2007-02-01

Resumo em português OBJETIVOS: Avaliar o impacto da cirurgia bariátrica na síndrome metabólica (SM) e quais os critérios que mais contribuíram para sua remissão após cirurgia. A evolução da leucometria também foi analisada. MATERIAL E MÉTODO: 47 mulheres obesas com SM foram avaliadas. Todas as pacientes foram operadas pela técnica da gastroplastia vertical em Y-de-Roux, com colocação de anel de contenção na anastomose gastro-jejunal (Fobi-Capella). Pacientes foram avaliadas a (mais) ntes da cirurgia e no primeiro ano pós-operatório. RESULTADOS: A glicemia de jejum apresentou queda relevante nos 3 primeiros meses. Ao final de 12 meses, todas as 20 pacientes que tinham DM2 ou glicemia de jejum alterada apresentavam níveis glicêmicos e hemoglobina glicosilada normais. Nenhuma delas estava usando drogas anti-diabéticas. Valores de triglicerídeos reduziram 49,2%. O HDL-colesterol aumentou 27,2%. A redução da pressão arterial foi, em média, de 28,7 mmHg na sistólica e de 20,8 na diastólica. A contagem de leucócitos caiu de 7671/µL para 6156/µL. Glicemia de jejum, triglicerídeos, pressão diastólica e sistólica e HDL-colesterol foram as variáveis que mais contribuíram para a extinção da SM. No final do primeiro ano, essa extinção ocorreu em 80,9% das pacientes. DISCUSSÃO: Cirurgia bariátrica reduz a resistência à insulina e conseqüentemente os riscos cardiovasculares. Resumo em inglês OBJECTIVES: To evaluate the impact of bariatric surgery on the metabolic syndrome (MS) and what are the criteria that contribute the most for its exclusion after surgery. The progress of leucometry was also analyzed. METHODS AND PROCEDURES: 47 obese women with MS were evaluated. All patients were operated with the Roux-en-Y vertical gastric bypass technique, with the insertion of a contention ring on the gastro-jejune anastomosis (Fobi-Capella). Patients were evaluated be (mais) fore and on the first year post-surgery. RESULTS: Fasting glucose presented a relevant decrease at 3 months after surgery. After 12 months, all 20 patients who had DM2 or altered fasting glucose presented normal levels of fasting glucose and glicated hemoglobin, and none of them was using any anti-diabetic drug. Triglycerides levels were reduced by 49.2%, whereas HDL-cholesterol increased by 27.2%. Systolic and diastolic blood pressures were reduced by an average of 28.7 and 20.8 mmHg, respectively. Leucocytes counting fell from 7671/µL to 6156/µL. Fasting glucose, triglycerides, DBP, SBP and HDL-cholesterol were the variables that contributed most for the reduction of MS. At the end of the first year, elimination of MS occurred in 80.9% of the patients. DISCUSSION: Bariatric surgery reduces resistance to insulin and consequently the cardiovascular risk factors.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

63

Efeitos da adição do óxido nitroso na anestesia durante pneumoperitônio em intervenção cirúrgica videolaparoscópica/ Consequences of the addition of nitrous oxide to anesthesia during pneumoperitoneum in videolaparoscopic surgeries/ Efectos de la adición del óxido nitroso en la anestesia durante pneumoperitoneo en intervención quirúrgica videolaparoscópica

Fernandes, Cláudia Regina; Souza Filho, Lenilson Marinho; Gomes, Josenilia Maria Alves; Messias, Erik Leite; Escalante, Rodrigo Dornfeld
2007-02-01

Resumo em português JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A instalação do pneumoperitônio durante intervenção cirúrgica videolaparoscópica induz à ativação de mecanismos neuroendócrinos, alterações cardiovasculares e hormonais. O objetivo deste estudo foi avaliar os efeitos da adição do óxido nitroso sobre a resposta simpática cardiovascular e a concentração expirada de sevoflurano (CEsevo) durante o pneumoperitônio, objetivando manter adequação anestésica avaliada por meio de pa (mais) râmetros hemodinâmicos, do BIS e SEF95% em colecistectomias videolaparoscópicas. MÉTODO: Foram incluídos no estudo 31 pacientes, estado físico ASA I e II, com idade entre 19 e 76 anos. A indução anestésica foi feita com sufentanil (0,3 µg.kg-1), propofol (2,5 mg.kg-1) e cisatracúrio (0,15 mg.kg-1). Durante a manutenção da anestesia, a CEsevo foi ajustada para manter o BIS entre 40 e 60. Após a instalação do pneumoperitônio, iniciou-se a administração de óxido nitroso em concentrações crescentes de 20%, 40% e 60%. Foram aferidos os parâmetros BIS, SEF95%, pressão arterial sistólica (PAS), pressão arterial diastólica (PAD), pressão arterial média (PAM) e freqüência cardíaca (FC), nos momentos M1 - 5 minutos após pneumoperitônio, M2 - quando a concentração expirada do N2O = 20% (CEN2O = 20%); M3 - CEN2O = 40%; M4 - CEN2O = 60%. RESULTADOS: Não houve diferença significativa entre PAS, PAD, PAM e FC durante os momentos estudados. Houve diferença significativa na CEsevo nos momentos estudados, com diminuição de 35% quando comparou-se M1 e M4. CONCLUSÕES: O óxido nitroso, quando administrado em associação ao sevoflurano durante o pneumoperitônio em colecistectomia videolaparoscópica, propicia estabilidade hemodinâmica e diminuição do consumo de sevoflurano, com manutenção de parâmetros eletroencefalográficos compatíveis com adequação anestésica. Resumo em espanhol JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: La instalación del pneumoperitoneo durante la intervención quirúrgica videolaparoscópica activa mecanismos neuroendócrinos, alteraciones cardiovasculares y hormonales. El objetivo de este estudio fue el de evaluar los efectos de la adición del óxido nitroso sobre la respuesta simpática cardiovascular y la concentración expirada de sevoflurano (CEsevo) durante el pneumoperitoneo, para mantener la adecuación anestésica evaluada a travé (mais) s de parámetros hemodinámicos, del BIS y SEF95% en colecistectomías videolaparoscópicas. MÉTODO: Se incluyeron en el estudio 31 pacientes, estado físico ASA I y II, con edad entre 19 y 76 años. La inducción anestésica se realizó con sufentanil (0,3 µg.kg-1), propofol (2,5 mg.kg-1) y cisatracurio (0,15 mg.kg-1). Durante la anestesia, la CEsevo se ajustó para mantener el BIS entre 40 y 60. Posteriormente a la instalación del pneumoperitoneo, se inició la administración de óxido nitroso en concentraciones aumentadas de 20%, 40% y 60%. Se comprobaron los parámetros BIS, SEF95%, presión arterial sistólica (PAS), presión arterial diastólica (PAD), presión arterial promedio (PAM) y frecuencia cardiaca (FC), en los momentos M1 - 5 minutos después pneumoperitoneo, M2 - cuando la concentración expirada del N2O = 20% (CEN2O = 20%); M3 - CEN2O = 40%; M4 - CEN2O = 60%. RESULTADOS: No hubo diferencia significativa entre PAS, PAD, PAM y FC durante los momentos estudiados. Hubo diferencia significativa en la CEsevo en los momentos estudiados, con una reducción de un 35% cuando se la comparó a M1 y M4. CONCLUSIONES: El óxido nitroso, cuando se administra en asociación con el sevoflurano durante el pneumoperitoneo en colecistectomía videolaparoscópica, propicia estabilidad hemodinámica y la reducción del consumo de sevoflurano, manteniendo los parámetros electroencefalográficos compatibles con la adecuación anestésica. Resumo em inglês BACKGROUND AND OBJECTIVES: The use of pneumoperitoneum during videolaparoscopic surgeries activates neuroendocrine mechanisms, and causes cardiovascular and hormonal changes. The aim of this study was to evaluate the effects of the addition of nitrous oxide, to maintain adequate anesthetic levels, on the cardiovascular sympathetic response and in the expired concentration of sevoflurane (ECsevo) during pneumoperitoneum, by evaluating hemodynamic parameters, BIS, and SEF95 (mais) %, during videolaparoscopic cholecystectomies. METHODS: Thirty-one patients, physical status ASA I and II, ages 19 to 76 years, were included in the study. Anesthetic induction was accomplished with sufentanyl 0.3 µg.kg-1), propofol (2.5 mg.kg-1), and cisatracurium (0.15 mg.kg-1). During the maintenance phase of anesthesia, the dose of ECsevo was adjusted to maintain BIS between 40 and 60. The administration of increasing concentrations of nitrous oxide, 20%, 40%, and 60%, was initiated after inducing pneumoperitoneum. The bispectral index, SEF95%, systolic blood pressure (SBP), diastolic blood pressure (DBP), mean arterial pressure (MAP), and heart rate (HR) were evaluated at M1 - 5 minutes after the pneumoperitoneum; M2 - when the expired concentration of N2O = 20% (ECN2O = 20%); M3 - ECN2O = 40%; M4 - ECN2O = 60%. RESULTS: There were no significant differences among SBP, DBP, MAP, and HR in the moments studied. There was a significant difference in ECsevo in those same moments, with a 35% reduction when M1 and M4 were compared. CONCLUSIONS: When nitrous oxide is administered in association with sevoflurane during pneumoperitoneum in videolaparoscopic cholecystectomy, it provides for hemodynamic stability and reduces the amount of sevoflurane needed while, at the same time, maintaining electroencephalographic parameters compatible with adequate anesthesia.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

64

Redução da pressão arterial e do duplo produto de repouso após treinamento resistido em idosas hipertensas/ Reduction of arterial pressure and double product at rest after resistance exercise training in elderly hypertensive women

Terra, Denize Faria; Mota, Márcio Rabelo; Rabelo, Heloísa Thomaz; Bezerra, Lídia M. Aguiar; Lima, Ricardo Moreno; Ribeiro, André Garcia; Vinhal, Pedro Henrique; Dias, Raphael M. Ritti; Silva, Francisco Martins da
2008-11-01

Resumo em português FUNDAMENTO: Em razão das controvérsias existentes na literatura quanto aos possíveis benefícios do treinamento resistido (TR) sobre a pressão arterial de repouso (PA) e por causa da escassez de estudos com indivíduos idosos e hipertensos, o TR é pouco recomendado como forma de tratamento não-farmacológico da hipertensão arterial. OBJETIVO: Verificar os efeitos do TR progressivo sobre a pressão arterial de repouso (PA), a freqüência cardíaca (FC) e o duplo pr (mais) oduto (DP) em idosas hipertensas controladas. MÉTODOS: Vinte mulheres idosas (66,8 ± 5,6 anos de idade) sedentárias, controladas com medicação anti-hipertensiva, realizaram 12 semanas de TR, compondo o grupo do treinamento resistido (GTR). Vinte e seis idosas (65,3 ± 3,4 anos de idade) hipertensas controladas não realizaram exercícios físicos durante a pesquisa, constituindo o grupo-controle. RESULTADOS: Houve redução significativa nos valores de repouso da pressão arterial sistólica (PAS), da pressão arterial média (PAM) e do DP após o TR. Não foram encontradas reduções significativas na pressão arterial diastólica (PAD) e na FC de repouso após o TR em ambos os grupos. A magnitude da queda no GTR foi de 10,5 mmHg, 6,2 mmHg e 2.218,6 mmHg x bpm para a PAS, PAM e o DP, respectivamente. CONCLUSÃO: O TR progressivo reduziu a PAS, PAM e o DP de repouso de idosas hipertensas, controladas com medicação anti-hipertensiva. Resumo em inglês BACKGROUND: Due to the existing controversies in literature about the potential benefits of resistance exercise training (RT) on arterial blood pressure (BP) at rest, and the lack of studies conducted with elderly hypertensive individuals, RT is seldom recommended as a non-pharmacological treatment for arterial hypertension. OBJECTIVE: To verify the effect of progressive RT on BP, HR, and RPP in elderly women with controlled hypertension. METHODS: 20 elderly women (66.8 & (mais) plusmn; 5.6 years of age), with a sedentary lifestyle, monitored with anti-hypertensive medication, participated in a 12-week RT program (resistance training group - RTG). Twenty-six elderly women (65.3 ± 3.4 years of age) with controlled hypertension did not engage in physical exercise during the study period, and composed the control group. RESULTS: After RT, there was a significant reduction in SBP, MBP, and DP values at rest. No significant drops in DBP and HR values at rest were observed after RT in both groups. The reduction in the RTG was 10.5 mmHg, 6.2 mmHg, and 2218.6 mmHg x bpm for SBP, MBP, and RPP, respectively. CONCLUSION: Progressive RT reduced SBP, MBP, and RPP values at rest of hypertensive elderly women who were on anti-hypertensive treatment.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

65

Resposta pressórica de pacientes com miocardiopatia chagásica ante o uso do sildenafil/ Pressure response in chagasic cardiomyopathy patients after using sildenafil

Athanazio, Rodrigo Abensur; Freitas, Daniel Meira; Almeida, Daniela Batista de; Dantas, Nei; Reis, Francisco
2007-03-01

Resumo em português OBJETIVO: Verificar o efeito do sildenafil na pressão arterial (PA) e freqüência cardíaca (FC) de indivíduos portadores de miocardiopata chagásica (MCC) e de disfunção ventricular sistólica grave (FE(mais) de cada T6M aferiram-se a freqüência cardíaca (FC) e a pressão arterial sistólica (PAS) e diastólica (PAD). Para análise estatística, o estudo foi dividido em 4 etapas: Antes do T6M realizado antes do Sildenafil (T1); após o T6M, antes do Sildenafil (T2); após o sildenafil, antes do T6M (T3); após o Sildenafil, após o T6M (T4). RESULTADOS: A idade dos participantes variou entre 47 e 68 anos (57,6±6,4). PAS e PAD após o T6M e uso do sildenafil (T4) mostraram-se menores do que antes do fármaco (T2): 134,2±15,1 versus 125,5±14,0 e 88,4±12,4 versus 83,0±10,8, respectivamente. Nenhum indivíduo referiu sintomas durante a realização do T6M. Não houve diferença na distância total percorrida no T6M antes e depois do uso do sildenafil (487,5±15,22 versus 505,3±18,45 metros, respectivamente) - p=0,056, e na FC (antes sildenafil 75,5±8,79 e 96,8±10,36 bpm e após 77,1±9,81 e 96,1 ± 12,97 bpm). CONCLUSÃO: Observou-se significante diminuição da PA após atividade física sob uso do sildenafil. Entretanto, durante o Teste de 6 minutos, não foram relatados sintomas pelos pacientes, sugerindo, então, que esse efeito parece não ser suficiente para causar manifestações clínicas entre os portadores de MCC e insuficiência cardíaca. Resumo em inglês OBJECTIVE: To accurately verify the effect of Sildenafil on blood pressure (BP) and heart rate (HR) in individuals with Chagasic myocardiopathy (CMC) and severe systolic ventricular dysfunction (EF(mais) te (HR), systolic blood pressure (SBP) and diastolic blood pressure were taken and compared before and after each 6MWT. For statistical analysis purposes, the study was divided into four stages: before the 6MWT and administration of Sildenafil (S1); after the 6MWT but before the administration of Sildenafil (S2); after the administration of Sildenafil but before the 6MWT (S3); and after the administration of Sildenafil and the 6MWT (S4). RESULTS: Participant ages ranged from 47 to 68 years (57.6 ± 6.4). SBP and DBP after the 6MWT and the administration of Sildenafil (S4) were lower than before taking the drug (S2): 134.2 ± 15.1 versus 125.5 ± 14.0 and 88.4 ± 12.4 versus 83.0 ± 10.8, respectively. None of the patients reported any symptoms during the 6MWT. There were no differences in the distances walked during the 6MWT before or after taking Sildenafil (487.5±15.22 versus 505.3±18.45 meters, respectively)-p=0.056, or in HR (before Sildenafil 75.5 ± 8.79 and 96.8 ± 10.36 bpm and after 77.1 ± 9.81 and 96.1 ± 12.97 bpm). CONCLUSION: Based on these results, it can be concluded that both prediction equations significantly overestimated HRmax measured during maximal GXT in Brazilian elderly women, a finding that may have important implications when prescribing exercise intensity for this population. In addition, HRmax was inversely related to the volunteers’ age, suggesting that the chronotropic reserve continues to decline after age 60.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

66

Efeito do estradiol sobre as respostas cardiopulmonar e metabólica em mulheres normotensas após a menopausa submetidas à cicloergoespirometria/ Effect of estradiol on cardiopulmonary and metabolic responses of postmenopausal normotensive women undergoing cardiopulmonary exercise testing

Calvoso Júnior, Roberto; Aldrighi, José Mendes; Negrão, Carlos Eduardo; Trombetta, Ivani Credidio; Ramires, José Antonio F.
2005-01-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar pela cicloergoespirometria as respostas cardiopulmonar e metabólica, em 30 usuárias de estrogênio após a menopausa, durante exercício físico máximo, sendo que 25 completaram o estudo. MÉTODOS: Em estudo prospectivo, duplo-cego, randomizado, controlado por placebo foram avaliados dois grupos de mulheres: um, constituído por 14 mulheres (57,6±4,8 anos) após a menopausa, usuárias de estradiol na dose de 2 mg/dia por via oral durante 90 dia (mais) s, e, outro, por 11 mulheres (55,8±6,7 anos) usuárias de placebo no mesmo período. Ambos os grupos foram submetidos a testes cicloergoespirométricos e analisadas as variáveis: volume de oxigênio consumido por kg/min no pico do exercício (VO2 pico), limiar anaeróbio (LA), volume de oxigênio consumido por Kg/min no limiar anaeróbio (VO2 no LA), ponto de descompensação respiratória (PDR), tempo de exercício (TE), carga máxima atingida (CM), freqüência cardíaca máxima (FC), pressão arterial sistólica (PAS), pressão arterial diastólica (PAD), antes e após administração dos medicamentos. RESULTADOS: Constataram-se reduções estatisticamente significantes em VO2 pico (p=0,002), LA (p=0,01), VO2 no LA (p=0,001) e TE (p=0,05) somente no grupo de usuárias de estradiol. As outras variáveis não sofreram alterações. CONCLUSÃO: O estradiol não promoveu melhora nas respostas cardiopulmonar e metabólica, quando comparado ao placebo. Resumo em inglês OBJECTIVE: To assess the cardiopulmonary and metabolic responses of 30 postmenopausal women using estrogen during maximum physical activity during cardiopulmonary exercise testing. Twenty-five women completed the test. METHODS: A prospective, double-blind, randomized, placebo-controlled study was carried out to assess 2 groups of women: estradiol group - comprising 14 postmenopausal women (57.6±4.8 years) receiving oral estradiol at the dosage of 2 mg/day for 90 da (mais) ys; and placebo group - comprising 11 women (55.8±6.7 years) receiving placebo during the same period. Both groups underwent cardiopulmonary exercise testing on a cycloergometer, during which the following variables were assessed: volume of oxygen consumption per kilogram per minute during peak exercise (VO2peak); anaerobic threshold (AT); volume of oxygen consumption per kilogram per minute in the anaerobic threshold (VO2 in AT); point of respiratory decompensation (PRD); duration of exercise (DE); maximum load achieved (ML); maximum heart rate (HR); systolic blood pressure (SBP); and diastolic blood pressure (DBP) before and after drug administration. RESULTS: The following variables showed statistically significant reductions only in the group of women receiving estradiol: VO2peak (P=0.002); AT (P=0.01); VO2 in AT (P=0.001); and DE (P=0.05). The other variables did not change. CONCLUSION: Estradiol did not improve the cardiopulmonary and metabolic responses when compared with placebo.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

67

Hipertensão arterial na população adulta de Salvador (BA) - Brasil/ Arterial hypertension in the adult population of Salvador (BA) - Brazil

Lessa, Ínes; Magalhães, Lucélia; Araújo, Maria Jenny; Almeida Filho, Naomar de; Aquino, Estela; Oliveira, Mônica M. C.
2006-12-01

Resumo em português OBJETIVO: Estimar a prevalência (Pr) da hipertensão arterial (HA) e da sua associação com outros fatores de risco cardiovascular em população fortemente miscigenada. MÉTODOS: Estudo de corte transversal, realizado em amostra populacional de 1.439 adultos e > 20 anos, em Salvador-Brasil. Todos responderam a questionário em domicilio e tiveram medidos: pressão arterial, peso, altura, circunferência da cintura (CC), glicemia e lípidas séricas. O critério para HA (mais) foi a média da PAS > 140 e/ou PAD > 90mmHg. Foram estimadas Pr da HA com IC a 95%. As associações foram medidas pelo OR ajustado (ORaj), por análise de regressão. RESULTADOS: A Pr total foi da HA foi 29,9%: 27,4% IC (23,9-31,2) em homens e 31,7%, IC(28,5-34,9) em mulheres. Em negros a Pr foi 31,6% para homens e 41,1% para mulheres. Em brancos foi 25,8% nos homens e 21,1% nas mulheres. A HA apresentou associação significante com idades > 40 anos, sobrepeso/obesidade [ORaj = 2,37(1,57-3,60)] para homens e 1,62(1,02-2,58) para mulheres. Nos homens a HA associou-se à escolaridade elevada e nas mulheres com a cor da pele parda e negra, com obesidade abdominal, ORaj = 2,05 IC(1,31-3,21), diabetes ORaj = 2,16 IC(1,19-3,93) e com a menopausa. CONCLUSÃO: A HA predominou em negros de ambos os sexos, e em mulheres. Excetuando-se o sobrepeso/obesidade, as variáveis que se mantiveram independentemente associadas à HA diferiram entre os sexos. Os resultados sugerem aprofundamento do estudo da HA em negros e necessidade de intervenções educacionais contínuas e de início precoce. Resumo em inglês OBJECTIVE: To estimate the prevalence of hypertension (H) and its association with other cardiovascular risk factors in a highly multiracial population. METHODS: A cross-sectional study carried out in Salvador, Brazil, in a population sample of 1439 adults > 20 years of age. All participants completed a questionnaire at home and had the following measurements taken: blood pressure, body weight, height, waist circumference (WC), and serum glucose and lipids. Hypertension w (mais) as defined as mean SBP e"140 and/or DBP > 90 mmHg. Hypertension prevalence was estimated with a 95% confidence interval (CI). The associations were measured by the adjusted odds ratio (AOR), using regression analysis. RESULTS: Overall prevalence of HA was 29.9%: 27.4% CI (23.9-31.2) in men and 31.7%, CI (28.5-34.9) in women. Among black men, this prevalence was 31.6%, and among black women, 41.1%. Among white men it was 25.8%, and among white women, 21.1%. Arterial hypertension was significantly associated with age > 40, overweight/obesity (aOR = 2.37[1.57-3.60]) for men and 1,62 (1.02 - 2.58) for women. Among men, HA was associated with a high level of education and among women, with dark brown and black skin, abdominal obesity, aOR = 2.05 CI (1.31-3.21), diabetes aOR = 2.16 CI (1.19-3.93), and menopause. CONCLUSION: Arterial hypertension predominated among black people of both genders, and in women. Those variables that remained independently associated with AH differed in both genders, except overweight/obesity. Our results suggest the need for an in-depth study of AH among black people and early, continuing educational interventions.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

68

Avaliação hemodinâmica e metabólica da infusão contínua de dexmedetomidina e de remifentanil em colecistectomia videolaparoscópica: estudo comparativo/ Hemodynamic and metabolic evaluation of dexmedetomidine and remifentanil continuous infusion in videolaparoscopic cholecystectomy: comparative study/ Evaluación hemodinámica y metabólica de la infusión continua de dexmedetomidina y de remifentanil en colecistectomia videolaparoscópica: estudio comparativo

Chaves, Thatiany Pereira; Gomes, Josenília Maria Alves; Pereira, Francisco Elano Carvalho; Cavalcante, Sara Lúcia; Leitão, Ilse M. Tigre de Arruda; Monte, Hipólito Sousa; Escalante, Rodrigo Dornfeld
2003-08-01

Resumo em português JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A dexmedetomidina tem sido utilizada para sedação e como coadjuvante em anestesia geral. O objetivo deste estudo foi avaliar a resposta cardiovascular e simpático-adrenal à intubação traqueal e à insuflação do pneumoperitônio, comparando-a ao remifentanil durante anestesia com sevoflurano para colecistectomia videolaparoscópica. MÉTODO: Foram incluídos no estudo 42 pacientes, estado físico ASA I ou II, com idades entre 25 e 55 anos (mais) , distribuídos aleatoriamente em dois grupos: GI e GII. A indução da anestesia foi realizada com infusão contínua de 1 µg.kg-1 de dexmedetomidina (GI) ou remifentanil (GII), durante 10 minutos, seguido de propofol e cisatracúrio. A manutenção da anestesia foi realizada com a infusão contínua de 0,7 µg.kg-1.h-1 de dexmedetomidina ou 0,5 µg.kg-1.h-1 de remifentanil e concentrações variadas de sevoflurano. Foram anotadas a PAS, PAD e FC nos momentos: M1 - antes do início da infusão inicial da droga; M2 - após término da infusão inicial da droga; M3 - após a intubação orotraqueal; M4 - antes do início do pneumoperitônio; M5 - após o pneumoperitônio; M6 - cinco minutos após desinsuflado o pneumoperitônio, M7 - após extubação traqueal. Em M4, M5 e M6 foram dosadas adrenalina e noradrenalina. A concentração expirada (CE) do sevoflurano, a relação CE/CAM, consumo de sevoflurano foram registrados em M4, M5 e M6. RESULTADOS: Variações na PAS e PAD foram maiores no grupo da dexmedetomidina em M4 a M5. A FC e os níveis de adrenalina e noradrenalina não apresentaram diferença entre os grupos. A CE do sevoflurano foi maior em M4 e M6 no GI, assim como a CE/CAM. No GI, o consumo de sevoflurano foi maior e observou-se uma tendência para menor consumo de analgésicos e antieméticos. CONCLUSÕES: Nas condições deste estudo, a dexmedetomidina inibiu a liberação de catecolaminas durante a intubação orotraqueal e o pneumoperitônio, porém, não impediu o aumento da pressão arterial em resposta à insuflação peritoneal. Resumo em espanhol JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: La dexmedetomidina ha sido utilizada para sedación y como coadjuvante en anestesia general. El objetivo de este estudio fue evaluar la respuesta cardiovascular y simpático-adrenal a la intubación traqueal y la insuflación del pneumoperitoneo, comparándola al remifentanil durante anestesia con sevoflurano para colecistectomia videolaparoscópica. MÉTODO: Fueron incluidos en el estudio 42 pacientes, estado físico ASA I ó II, con edades ent (mais) re 25 y 55 años, distribuidos aleatoriamente en dos grupos: GI y GII. La inducción de la anestesia fue realizada con infusión continua de 1 µg.kg-1 de dexmedetomidina (GI) o remifentanil (GII), durante 10 minutos, seguido de propofol y cisatracúrio. La manutención de la anestesia fue realizada con la infusión continua de 0,7 µg.kg-1.h-1 de dexmedetomidina o 0,5 µg.kg-1.h-1 de remifentanil y concentraciones variadas de sevoflurano. Fueron anotadas la PAS, PAD y FC en los momentos: M1 - antes del inicio de la infusión inicial de la droga; M2 - después del término de la infusión inicial de la droga; M3 - después de la intubación orotraqueal; M4 - antes del inicio del pneumoperitoneo; M5 - después del pneumoperitoneo; M6 - cinco minutos después desinsuflado el pneumoperitoneo, M7 - después extubación traqueal. En M4, M5 y M6 fueron dosadas adrenalina y noradrenalina. La concentración expirada (CE) del sevoflurano, la relación CE/CAM, consumen de sevoflurano fueron registrados en M4, M5 y M6. RESULTADOS: Variaciones en la PAS y PAD fueron mayores en el grupo de la dexmedetomidina en M4 y M5. A FC y los niveles de adrenalina y noradrenalina no presentaron diferencia entre los grupos. La CE del sevoflurano fue mayor en M4 y M6 en el GI, así como la CE/CAM. En el GI, el consumen de sevoflurano fue mayor y se observó una tendencia para menor consumen de analgésicos y antieméticos. CONCLUSIONES: En las condiciones de este estudio, la dexmedetomidina inhibió la liberación de catecolaminas durante la intubación orotraqueal y el pneumoperitoneo, sin embargo, no impidió el aumento de la presión arterial en respuesta a la insuflación peritoneal. Resumo em inglês BACKGROUND AND OBJECTIVES: Dexmedetomidine has been used for sedation and as coadjuvant drug in general anesthesia. This study aimed at evaluating cardiovascular and sympathetic-adrenal responses to tracheal intubation and pneumoperitoneum inflation with dexmedetomidine, as compared to remifentanil during anesthesia with sevoflurane for videolaparoscopic cholecystectomy. METHODS: Forty two physical status ASA I or II patients, aged 25 to 55 years, were randomly distribute (mais) d in two groups: GI and GII. Anesthesia was induced with 1 µg.kg-1 dexmedetomidine (GI) or remifentanil (GII) continuous infusion for 10 minutes, followed by propofol and cisatracurium. Anesthesia was maintained with 0.7 µg.kg-1.h-1 dexmedetomidine or 0.5 µg.kg-1.h-1 remifentanil continuous infusion and different sevoflurane concentrations. SBP, DBP and HR were recorded in the following moments: M1 - before initial drug infusion; M2 - after end of initial drug infusion; M3 - after tracheal intubation; M4 - before pneumoperitoneum; M5 - after pneumoperitoneum; M6 - five minutes after pneumoperitoneum deflation; M7 - after tracheal extubation. Epinephrine and norepinephrine were dosed in M4, M5 and M6. Sevoflurane expired concentration (EC), EC/MAC ratio and sevoflurane consumption were recorded in M4, M5 and M6. RESULTS: SBP and DBP variations were higher in the dexmedetomidine group in M4 and M5. HR, epinephrine and norepinephrine levels were similar between groups. Sevoflurane EC was higher in M4 and M6 for GI, as well as EC/MAC ratio. There has been a higher sevoflurane consumption in GI, with a trend to less analgesics and anti-emetics consumption. CONCLUSIONS: In the conditions of our study, dexmedetomidine has inhibited catecholamine release during tracheal intubation and pneumoperitoneum, however, has not prevented blood pressure increase in response to peritoneal inflation.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

69

Dexmedetomidina associada a propofol em sedação durante anestesia local para cirurgia plástica/ Dexmedetomidine/propofol association for plastic surgery sedation during local anesthesia/ Dexmedetomidina asociada a propofol en sedación durante anestesia local para cirugía plástica

Nociti, José Roberto; Serzedo, Paulo Sérgio Mateus; Zuccolotto, Eduardo Barbin; Sebben, Fabiana; Gonzales, Raul F.
2003-04-01

Resumo em português JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A dexmedetomidina é um novo agonista alfa2-adrenérgico com propriedades potencialmente úteis em anestesia. Este estudo comparativo tem por finalidade observar os efeitos da dexmedetomidina sobre o consumo de propofol e a evolução dos parâmetros cardiovasculares e respiratórios, quando incluída em técnica de sedação durante anestesia local em cirurgia plástica. MÉTODO: Participaram do estudo 40 pacientes do sexo feminino com idades e (mais) ntre 16 e 60 anos, estado físico ASA I ou II, submetidas a cirurgias plásticas eletivas sob anestesia local. Foram distribuídas aleatoriamente em dois grupos de vinte: C (controle) e D (dexmedetomidina). Em ambos, a sedação foi obtida com propofol na dose em bolus inicial de 1 mg.kg-1 seguida de infusão contínua em velocidade ajustada para se obter grau de sedação consciente. No grupo D, as pacientes receberam infusão venosa contínua de dexmedetomidina à velocidade de 0,01 µg.kg-1.min-1, concomitante com a de propofol. Foram avaliados: efeito da dexmedetomidina sobre o consumo de propofol; variação dos parâmetros cardiovasculares (PAS, PAD, PAM, FC) e respiratórios (SpO2, P ET CO2); qualidade do controle do sangramento per-operatório e características da recuperação pós-anestésica. RESULTADOS: A velocidade média de infusão de propofol foi menor no grupo D (35,2 ± 5,3 µg.kg-1.min-1) do que no grupo C (72,6 ± 8,5 µg.kg-1.min-1). Os valores médios de PAS, PAD e PAM decresceram em relação ao inicial, a partir dos 30 minutos, no grupo D, mantendo-se a seguir estáveis até o final; no grupo C, aumentaram. A FC manteve-se estável no grupo D e aumentou a partir dos 30 minutos no grupo C. O tempo médio para obedecer ao comando de "abrir os olhos" foi menor no grupo D (6,3 ± 2,5 min) em relação ao C (8,9 ± 2,7 min). O controle do sangramento per-operatório foi superior no grupo D em relação ao C. CONCLUSÕES: O emprego da dexmedetomidina associada ao propofol apresenta as seguintes vantagens: redução do consumo de propofol, estabilidade dos parâmetros cardiovasculares, controle adequado do sangramento per-operatório, ausência de efeito importante sobre a ventilação. Resumo em espanhol JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: La dexmedetomidina es un nuevo agonista alfa2-adrenérgico con propiedades potencialmente útiles en anestesia. Este estudio comparativo tiene por finalidad observar los efectos de la dexmedetomidina sobre el consumo de propofol y la evolución de los parámetros cardiovasculares y respiratorios, cuando incluida en técnica de sedación durante anestesia local en cirugía plástica. MÉTODO: Participaron del estudio 40 pacientes del sexo femenin (mais) o con edades entre 15 y 60 años, estado físico ASA I ó II, sometidas a cirugías plásticas electivas bajo anestesia local. Fueron distribuidas aleatoriamente en dos grupos de veinte: C (control) y D (dexmedetomidina). En ambos, la sedación fue obtenida con propofol en la dosis en bolus inicial de 1,0 mg.kg-1 seguida de infusión continua en velocidad ajustada para obtenerse grado de sedación consciente. En el grupo D, las pacientes recibieron infusión venosa continua de dexmedetomidina a la velocidad de 0,01 µg.kg-1.min-1, concomitante con la de propofol. Fueron evaluados: efecto de la dexmedetomidina sobre el consumo de propofol; variación de los parámetros cardiovasculares (PAS, PAD, PAM, FC) y respiratorios (SpO2, P ET CO2); calidad del control del sangramiento per-operatorio y características de la recuperación pós-anestésica. RESULTADOS: La velocidad media de infusión de propofol fue menor en el grupo D (35,2 ± 5,3 µg.kg-1.min-1) de que en el grupo C (72,6 ± 8,5 µg.kg-1.min-1). Los valores medios de PAS, PAD y PAM decrecieron en relación al inicial, a partir de los 30 minutos, en el grupo D, manteniéndose a seguir estables hasta el final; en el grupo C, aumentaron. La FC se mantuvo estable en el grupo D y aumentó significativamente a partir de los 30 minutos en el grupo C. El tiempo medio para obedecer al comando de "abrir los ojos" fue menor en el grupo D (6,3 ± 2,5 min) en relación al C (8,9 ± 2,7 min). El control del sangramiento per-operatorio fue superior en el grupo D en relación al C. CONCLUSIONES: El empleo de la dexmedetomidina asociada al propofol presenta las siguientes ventajas: reducción del consumo de propofol, estabilidad de los parámetros cardiovasculares, control adecuado del sangramiento per-operatorio, ausencia de efecto importante sobre la ventilación. Resumo em inglês BACKGROUND AND OBJECTIVES: Dexmedetomidine is a new alpha2-adrenergic receptor agonist with potentially useful characteristics for anesthesia. This comparative study aimed at evaluating the effects of dexmedetomidine on propofol requirements and cardiovascular/respiratory stability during plastic surgery sedation under local anesthesia. METHODS: Participated in this study 40 female patients aged 16 to 60 years, physical status ASA I or II, scheduled for elective face, nos (mais) e and breast plastic surgeries under local anesthesia. Patients were randomly allocated into two groups of twenty patients: C (control) and D (dexmedetomidine). Sedation was achieved in both groups with 1 mg.kg-1 bolus propofol followed by continuous infusion at an adjusted rate to provide conscious sedation. Group D patients received continuous intravenous dexmedetomidine at a rate of 0.01 µg.kg-1.min-1, concomitant with propofol infusion. The following were evaluated: effect of dexmedetomidine on propofol requirements; cardiovascular (SBP, DBP, MBP, HR) and respiratory (SpO2, P ET CO2) parameters; quality of perioperative bleeding control and postanesthetic recovery features. RESULTS: Mean propofol infusion rate was lower in group D (35.2 ± 5.3 µg.kg-1.min-1) as compared to group C (72.6 ± 8.5 µg.kg-1.min-1). Mean SBP, DBP, MBP values have decreased as from 30 min in group D, remaining stable until procedure completion, while in Group C they have increased. HR remained stable in group D where as increased as from 30 min in group C. Mean time to open eyes under command was lower in group D (6.3 ± 2.5 min) as compared to group C (8.9 ± 2.7 min). Perioperative bleeding control was better in group D as compared to group C. CONCLUSIONS: Dexmedetomidine/propofol association for sedation is safe and has the following advantages: decrease in propofol requirements, cardiovascular stability, good perioperative bleeding control, lack of significant effects on ventilation.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

70

Resultado clínico e econômico de um programa de reabilitação cardiopulmonar e metabólica/ Clinical and economic outcome of a cardiopulmonary and metabolic rehabilitation program

Rebelo, Fabiana Pereira Vecchio; Garcia, Aline dos Santos; Andrade, Dalton Francisco de; Werner, Cláudio Ribeiro; Carvalho, Tales de
2007-03-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar o resultado clínico e econômico de um Programa de Reabilitação Cardiopulmonar e Metabólica (PRCM) criado por um plano de saúde. MÉTODOS: A amostra foi constituída por 96 clientes, divididos em dois grupos de 48 indivíduos (grupo tratamento - GT, indivíduos que participavam do programa de RCPM; e grupo controle - GC, indivíduos que não participavam do programa), de ambos os sexos, idade entre 54 e 79 anos. O tempo de treinamento do GT foi de 2 (mais) 2 (±3) meses. Para avaliação do resultado clínico antes e após a PRCM, foram determinadas as tolerâncias ao esforço físico, perfil lipoprotéico plasmático (CT, LDL-C, HDL-C, CT/HDL-C e triglicérides); pressão arterial sistêmica (PAS) de repouso e composição corporal (índice de massa corporal - IMC e relação cintura/quadril - RC/Q). RESULTADOS: O GT apresentou, respectivamente na avaliação pré e pós-PRCM: CT (mg/dl) 242,5 (±48,32) e 189,47(±39,83); LDL-C (mg/dl) 162(±37,72) e 116,3(±33,28); HDL-C (mg/dl) 46,5(±8,59) e 57,8(±10,36); Tg (mg/dl) 165,15(±90,24) e 113,29(±54,92); CT/HDL-C 5,42 (±1,10) e 3,35 (±0,81); VO2 pico (ml/kg/min) 26,92±7 e 32,64±5,92; IMC 29,35 (±3,93) e 28,12 (±3,55) para mulheres e 29,17 (±5,14) e 27,88 (±4,83) para homens; RC/Q 0,93(±0,05) e 0,94(±0,04) para mulheres e 0,93(±0,07) e 0,92(±0,06) para homens; PAS (mmHg) 151(±13,89) e 132(±9,56); PAD (mmHg) 83(±8,07) e 77(±5,92); despesas mensais GC (R$) 8.840,05 (±5.656,58) e 8.978,32 (±5.500,78); despesas mensais GT (R$) 2.016,98 (±2.861,69) e 1.470,73 (±1.333,25). CONCLUSÃO: No grupo submetido ao programa de PRCM foram observadas modificações clínicas favoráveis em relação a perfil lipoprotéico plasmático, PAS e tolerância ao esforço físico, sem relação com modificação de medicamentos. Resumo em inglês OBJECTIVE: To evaluate the clinical and economic outcome of a Cardiopulmonary and Metabolic Rehabilitation Program (CPMR) created by an HMO. METHODS: The sample was comprised of 96 clients, divided into two groups of 48 individuals (treatment group - TG, individuals who participated in the CPMR program, and control group - CG, individuals who did not participate in the program) of both genders, with age ranging between 54 and 79 years. Training time of the TG was 22 (±3) (mais) months. To assess the clinical outcome before and after CPMR, exercise tolerance, plasma lipoprotein profile (TC, LDL-C, HDL-C, TC/HDL-C and triglycerides), resting blood pressure (BP), and body composition (Body mass index - BMI and Waist-to-hip ratio - W/HR) were determined. RESULTS: The TG presented the following results in the pre and post CPMR assessment, respectively: TC (mg/dL) 242,5 (±48,32) and 189.47(±39.83); LDL-C (mg/dL) 162(±37.72) and 116,3(±33,28); HDL-C (mg/dL) 46,5(±8,59) and 57.8(±10.36); Tg (mg/dL) 165.15(±90.24) and 113.29(±54,92); TC/HDL-C 5.42 (±1.10) and 3.35 (±0.81); VO2 peak (mL/Kg/min) 26.92 ± 7 and 32.64 ± 5.92; BMI 29.35 (±3.93) and 28.12 (±3.55) for women and 29.17 (±5.14) and 27.88 (±4.83) for men; W/HR 0.93(±0.05) and 0.94(±0.04) for women and 0.93(±0.07) and 0.92(±0.06) for men; BP (mmHg) 151(±13.89) and 132(±9.56); DBP (mmHg) 83(±8.07) and 77(±5.92); monthly expenses CG (R$) 8,840.05 (±5,656.58) and 8,978.32 (±5,500.78); monthly expenses TG (R$) 2,016.98 (±2,861.69) and 1,470.73 (±1,333.25). CONCLUSION: In the group undergoing the CPMR Program, favorable clinical changes were observed in relation to the plasma lipoprotein profile, blood pressure, and exercise tolerance, with no relation to changes in medications.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

71

Uso de dexmedetomidina em pacientes obesos mórbidos submetidos a gastroplastia: estabilidade cardiovascular e consumo de anestésicos venosos. Estudo retrospectivo/ Dexmedetomidine in morbid obese patients undergoing gastroplasty: cardiovascular stability and consumption of intravenous anesthetics. A retrospective study/ Uso de dexmedetomidina en pacientes obesos mórbidos sometidos a gastroplastia: estabilidad cardiovascular y consumo de anestésicos venosos. Estudio retrospectivo

Piccinini Filho, Luiz; Mathias, Lígia Andrade da Silva Telles; Malheiros, Carlos Alberto; Gregori, Waldemar Montoya de; Guaratini, Álvaro Antonio; Vieira, Joaquim Edson
2006-04-01

Resumo em português JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A utilização de agentes anestésicos potentes e de curta duração é fundamental em pacientes submetidos à intervenção cirúrgica bariátrica. A dexmedetomidina, agonista alfa 2-adrenérgico, surgiu como uma opção adjuvante da técnica de anestesia venosa. O objetivo desta pesquisa foi avaliar a eficácia da dexmedetomidina associada à anestesia venosa, em pacientes obesos mórbidos, submetidos a gastroplastia. MÉTODO: Análise retrosp (mais) ectiva, de pacientes portadores de obesidade mórbida, submetidos à intervenção cirúrgica bariátrica aberta, sob anestesia com propofol e alfentanil acrescidos ou não de dexmedetomidina. Os pacientes foram alocados em dois grupos: Controle (propofol e alfentanil) e Dexmedetomidina (propofol, alfentanil e dexmedetomidina). A manutenção da anestesia nos dois grupos constou de propofol = 0,075 a 0,1 mg.kg-1.min-1 e alfentanil = 0,75 a 1 µg.kg-1.min-1; no grupo Dexmedetomidina na dose inicial de 1 µg.kg-1 em 10 min e manutenção com 0,4 a 0,7 µg.kg-1.h-1. As variáveis estudadas foram idade, sexo, IMC, tempos cirúrgico e de despertar, freqüência cardíaca (FC), pressão arterial sistólica e diastólica (PAS, PAD), saturação periférica de hemoglobina (SpO2), consumo de propofol e alfentanil e efeitos colaterais. RESULTADOS: Houve redução significativa do consumo de propofol e alfentanil no grupo Dexmedetomidina. A FC apresentou variação significativa apenas no grupo Dexmedetomidina. A PAS e a PAD apresentaram redução estatística significativa nos dois grupos nos primeiros 20 min, estabilizando-se a seguir. Os pacientes dos dois grupos não apresentaram efeitos colaterais. CONCLUSÕES: Este estudo demonstrou a eficácia do uso da dexmedetomidina associada à anestesia venosa com propofol e alfentanil, promovendo redução do consumo dos anestésicos venosos, estabilidade cardiovascular e tempo de despertar similar à técnica sem adição de dexmedetomidina. Não houve efeitos colaterais imputáveis ao uso da dexmedetomidina. Resumo em espanhol JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: La utilización de agentes anestésicos potentes y de corta duración es fundamental en pacientes sometidos a la intervención quirúrgica bariátrica. La dexmedetomidina, agonista alfa 2-adrenérgica, surgió como una opción de auxilio a la técnica de anestesia venosa. El objetivo de esta investigación fue la de evaluar la eficacia de la dexmedetomidina asociada a la anestesia venosa en pacientes obesos mórbidos, sometidos a la gastroplasti (mais) a. MÉTODO: Análisis retrospectivo de pacientes portadores de obesidad mórbida, sometidos a la intervención quirúrgica bariátrica abierta, bajo anestesia con propofol y alfentanil con o sin dexmedetomidina. Los pacientes fueron colocados en dos grupos: Control (propofol y alfentanil) y Dexmedetomidina (propofol, alfentanil y dexmedetomidina). El mantenimiento de la anestesia en los dos grupos constó de: propofol = 0,075 a 0,1 mg.kg-1.min-1 y alfentanil = 0,75 a 1 µg.kg-1.min-1; en el grupo Dexmedetomidina en la dosis inicial de 1 µg.kg-1 en 10 min y mantenimiento con 0,4 a 0,7 µg.kg-1.h-1. Las variables estudiadas fueron la edad, sexo, IMC, tiempo quirúrgico y de despertar, frecuencia cardiaca (FC), presión arterial sistólica y diastólica (PAS, PAD), saturación periférica de hemoglobina (SpO2), consumo de propofol y alfentanil y efectos colaterales. RESULTADOS: Se registró una reducción significativa en el consumo de propofol y alfentanil en el grupo Dex-medetomidina. La FC presentó variación significativa apenas en el grupo Dexmedetomidina. La PAS y la PAD presentaron una reducción estadística significativa en los dos grupos en los primeros 20 min, estabilizándose a continuación. Los pacientes de los dos grupos no presentaron efectos colaterales. CONCLUSIONES: Ese estudio demostró la eficacia del uso de la dexmedetomidina asociada a la anestesia venosa con propofol y alfentanil, trayendo una reducción del consumo de los anestésicos venosos, estabilidad cardiovascular y tiempo de despertar semejante a la técnica sin añadidura de la dexmedetomidina. No hubo efectos colaterales imputables al uso de la dexmedetomidina. Resumo em inglês BACKGROUND AND OBJECTIVES: The administration of powerful and short duration anesthetic agents is essential for patients undergoing bariatric surgical procedure. The dexmedetomidine, an alpha 2-adrenergic agonist, has appeared as an adjuvant option of the venous anesthesia technique. This study aimed at assessing the efficacy of dexmedetomidine associated with the venous anesthesia in morbid obese patients undergoing gastroplasty procedures. METHODS: Retrospective analysi (mais) s of morbid obese patients undergone open bariatric surgical intervention under anesthesia with propofol and alfentanil, with or without dexmedetomidine. Patients were allocated into two groups: Control (propofol and alfentanil) and Dexmedetomidine (propofol, alfentanil and dexmedetomidine). For both groups, the anesthetic maintenance was as follows: propofol = 0.075 to 0.1 mg.kg-1.min-1 and alfentanil = 0.75 to 1 µg.kg-1.min-1; in the dexmedetomidine (DMD) group, initial dose of 1 µg.kg-1 in 10 min and maintenance with 0.4 to 0.7 µg.kg-1.h-1. The variables studied were: age, gender, body mass index (BMI), surgical time and recovery time, heart rate (HR), systolic and diastolic blood pressure (SBP and DBP), hemoglobin peripheral saturation (SpO-2), propofol and alfentanil consumption and side effects. RESULTS: The dexmedetomidine group has shown a significant reduction in propofol and alfentanil consumption. The heart rate presented a significant variation only in the dexmedetomidine group. Both SPB and DBP presented a statistically significant reduction in both groups for the first 20 minutes, and subsequent stabilization. No side effects were observed in both groups of patients. CONCLUSIONS: This study has shown the efficacy of dexmedetomidine administration in combination with venous anesthesia with propofol and alfentanil, thus promoting reduction in venous anesthetic drugs consumption, cardiovascular stability and time to recovery similar to that of the technique without dexmedetomidine. No side effects were noted associated with the use of dexmedetomidine.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

72

Monitorização ambulatorial da pressão arterial em pacientes normotensos com hipotireoidismo subclínico/ Ambulatory blood pressure monitoring in normotensive patients with subclinical hypothyroidism

Ferreira, Marcia Martins; Teixeira, Patricia de Fatima dos Santos; Mansur, Vera Aleta R.; Reuters, Vaneska Spinelli; Almeida, Cloyra Paiva; Vaisman, Mario
2010-06-01

Resumo em português FUNDAMENTO: O hipotireoidismo manifesto está associado com elevação da pressão arterial diastólica; entretanto, a associação entre o hipotireoidismo subclínico (HS) e alteração da pressão arterial (PA) é desconhecida. OBJETIVO: O objetivo do presente estudo foi avaliar a monitorização ambulatorial da pressão arterial (MAPA) por 24 horas em pacientes normotensos com HS em comparação a indivíduos normotensos eutireóideos (EU). MÉTODOS: Foi realizado um e (mais) studo transversal com 50 participantes (HS = 30 e EU = 20) que não apresentavam diferenças em relação a fatores de risco para hipertensão. A monitorização ambulatorial de pressão arterial foi realizada com um monitor Dynamapa®, utilizando-se um método oscilométrico validado pela AAMI (Association for the Advancement of Medical Instrumentation) e pela BHS (British Hypertension Society). RESULTADOS: Os níveis séricos médios de TSH e T4 livre foram respectivamente 6,9 ± 2,2 µUI/ml e 1,1 ± 0,2 ng/dl em pacientes com HS. Apesar de não haver diferença em relação à média da pressão arterial sistólica e diastólica entre os dois grupos, houve uma correlação positiva entre os níveis de pressão arterial diastólica média (PADM) e os valores séricos de TSH em pacientes com HS (r:0,477; p = 0,004). Essa correlação foi detectada por medidas diurnas (r:0,498; p = 0,002) e noturnas (r:0,322; p = 0,032). CONCLUSÃO: A pressão arterial não diferiu entre pacientes com ou sem HS; contudo, os resultados sugerem que a progressão de hipotireoidismo subclínico para níveis mais elevados de TSH pode aumentar o risco cardiovascular através do aumento da pressão arterial diastólica. Resumo em inglês BACKGROUND: Overt hypothyroidism is associated with elevation of diastolic blood pressure; however the association of subclinical hypothyroidism (SH) with arterial blood pressure (ABP) alteration is unknown. OBJECTIVE: The aim of the present study was to evaluate ambulatory blood pressure monitoring (ABPM), over 24 hours, in normotensive patients with SH in comparison to euthyroid (EU) normotensive individuals. METHODS: A cross-sectional study was performed with 50 partic (mais) ipants (SH = 30 and EU = 20) that did not differ regarding risk factors for hypertension. The ABPM was carried out with a DINAMAPA TM monitor, using the oscillometric method validated by AAMI (Association for the Advancement of Medical Instrumentation) and by the BHS (British Hypertension Society). RESULTS: The mean serum TSH and FT4 were respectively 6.9 ± 2.2 µUI/ml and 1.1 ± 0.2 ng/dl in SH patients. Although there was no difference in the mean values of systolic and diastolic blood pressure between the two groups, there was a positive correlation between the mean values of diastolic blood pressure (DBP) and serum TSH levels in SH patients (r:0.477; p = 0.004). These correlations were detected at daytime (r:0.498; p = 0.002) and sleep-time (r:0.322; p = 0.032) measurements. CONCLUSION: The blood pressure was not different between patients with or without SH; however, the results suggest that the progression of subclinical hypothyroidism to higher levels of TSH may increase the cardiovascular risk by increasing diastolic blood pressure.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

73

Efeito da inversão dos turnos de trabalho sobre capacidade aeróbia e respostas cardiovasculares ao esforço máximo/ Effect of the work shift reversal on the aerobic capacity and cardiovascular responses to maximal exercise

Lima, Anna Myrna Jaguaribe de; Soares, Cláudia Maria Vieira; Souza, Alexandre Oscar Soares de
2008-06-01

Resumo em português Os distúrbios do sono e alterações associadas atingem grande parte da população que trabalha no turno noturno, afetando a sua qualidade de vida. O objetivo do presente trabalho foi comparar a capacidade aeróbia e as respostas cardiovasculares ao exercício máximo em indivíduos com ciclo sono vigília fisiológico e com inversão dos turnos de trabalho. Foram analisados 18 indivíduos do sexo masculino, sedentários, com idade entre 23-35 anos, divididos em 2 grupo (mais) s: a) grupo controle, formado por estudantes (n=9) e b) grupo experimental, composto por controladores de tráfego aéreo que trabalhavam com inversão dos turnos de trabalho (n=9). Para a medida da capacidade aeróbia, foi determinado o VO2máx. por meio do analisador de gases metabólicos (VO-2000, Aerosport, Medgraphics). Para o teste de esforço máximo foi realizado o protocolo de rampa em esteira (Millenniun ATL Inbramed) e as respostas cardiovasculares (FC, PAS e PAD) foram verificadas antes e após a realização do exercício. De acordo com os resultados, o grupo experimental apresentou valores inferiores de FC no repouso (79,8 ± 11,5 bpm vs. 70,3 ± 3,8 bpm), no 5º (112,7± 15,1 bpm vs. 98,7 ± 6,3 bpm) e no 7º minuto (108,7 ± 16,6 bpm vs. 93,9 ± 6,8 bpm) de recuperação. Quanto à PAS, foram observados valores superiores durante o repouso (110,0 ± 11,2 mmHg vs. 104,0 ± 5,7 mmHg), nos indivíduos do grupo controle. Já a PAD, mostrou níveis superiores no 5º minuto da recuperação no grupo experimental (67,0 ± 4,4 mmHg vs. 58,9 ± 6,0 mmHg). Por fim, foram verificados valores superiores de VO2máx. para os indivíduos do grupo controle (58,9 ± 6,1 ml/kg/min) em relação ao experimental (53,7 ± 2,5 ml/kg/min). Desta forma, podemos concluir que a inversão nos turnos de trabalho, afetando o ciclo sono-vigília, altera não apenas o ciclo circadiano das variáveis cardiovasculares no repouso e na recuperação do esforço, como também traz prejuízos à capacidade funcional, podendo comprometer o desempenho das atividades ocupacionais. Resumo em inglês Sleep disturbs and associated alterations reach great part of the population which works at night, affecting their quality of life. The aim of the present study was to compare the aerobic capacity and the cardiovascular responses to maximal exercise in subjects with physiological sleep/wake cycle and with work shift inversion. 18 male subjects, aged 23-35 years, were assigned to either a shift-workers (Experimental; n=9) or a control group (Control; n=9). All the subjects (mais) underwent a treadmill exercise test in order to obtain the BP, HR behavior in the recovery period. Exhaled air was collected every 10 minutes for VO2max. Shift-workers presented lower heart rate values at rest (79.8 ± 11.5 bpm vs. 70.3 ± 3.8 bpm), 5th (112.7 ± 15,1 bpm vs. 98,7 ± 6,3 bpm) and 7th min. (108.7 ± 16.6 bpm vs. 93.9 ± 6.8 bpm) at recovery. SBP showed significant increased values in control group just at rest (110.0 ± 11.2 mmHg vs. 104.0 ± 5.7 mmHg). The control group presented lower values of DBP at the 5th min. (67.0 ± 4.4 mmHg vs. 58.9 ± 6.0 mmHg) and higher values of VO2max. (58.9 ± 6.1 ml/kg/min vs. 53.7 ± 2.5 ml/kg/min). We concluded that the alterations in the working shifts affect the circadian rhythms and the cardiovascular variables at rest and recovery periods of the exercise stress testing and can compromise the functional capacity of the subjects.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

74

Obesidade como fator de risco para a hipertensão entre profissionais de enfermagem de uma instituição filantrópica/ Obesity as risk factor associated with hypertension among nursing professionals of a national philanthropy health institution/ Obesidad como factor de riesgo para la hipertensión entre profesionales de enfermería de una institución filantrópica

Oliveira, Aline Furtado Carlos de; Nogueira, Maria Suely
2010-06-01

Resumo em português Analisou-se a presença de obesidade relacionada com níveis de pressão alterados entre os profissionais de enfermagem de uma instituição filantrópica, tendo em vista a detecção precoce de possíveis hipertensos. A população constituiu-se de 147 profissionais de enfermagem com idade de 20-70 anos. Realizou-se entrevista estruturada, individual, pelo pesquisador no local de trabalho desses profissionais. 91,8% eram mulheres; 29,2% possuíam idade superior a 40 anos (mais) ; 11,6% apresentaram PAS>140mmHg e 6,8% PAD>90mmHg; 12,2% apresentaram obesidade grau I-II; 38,1% das mulheres, RCQ>0,85, 12,2% com idade 40-49 anos; 2,1% dos homens apresentaram RCQ>1,0, 1,4% encontravam-se na faixa etária 40-49 anos. É possível identificar que, embora os profissionais de enfermagem conheçam a gravidade da doença e a importância da mudança nos hábitos de vida, ainda apresentam dificuldade para tal comportamento, o que sugere a necessidade de implementação de programas educativos no local de trabalho, de modo a contribuir e favorecer a mudança de comportamento destes profissionais. Resumo em espanhol Se analizó la presencia de obesidad relacionada con niveles de presión alterados, entre los profesionales de enfermería de una institución filantrópica, con el propósito de observar la detección precoz de posibles hipertensos. La población estuvo constituida por 147 profesionales de enfermería con edades de entre 20 y 70 años. El investigador realizó una entrevista estructurada, individual en el local de trabajo de dichos profesionales; 91.8% eran mujeres; 29.2 (mais) % tenían edad superior a 40 años; 11.6% fueron identificados con PAS>140mmHg, 6,8% con PAD>90mmHg; 12.2% presentaron obesidad de grado I-II; 38.1% de las mujeres, RCQ> 0.85, 12,2% con edad entre 40-49 años; 2.1% de los hombres presentaron RCQ>1.0, 1.4% se encontraban en la faja etaria de 40-49 años. Es posible identificar que a pesar de que los profesionales de enfermería conozcan la gravedad de la enfermedad y la importancia de cambios en los hábitos de vida, aún muestran dificultad para adoptar tal comportamiento, lo que sugiere la necesidad de la implementación de programas educativos en los locales de trabajo con el objeto de facilitar cambios en el comportamiento de estos profesionales. Resumo em inglês The present study analyzed the relationship between obesity and high blood pressure among nursing professionals of a philanthropic institution, with a view to the early detection of possible cases of hypertension. The study population consisted of 147 nursing professionals of ages between 20-70 years. The researcher performed structured, individual, interviews at the work site of those professionals, 91.8% of which were women; 29.2% were older than 40 years; 11.6% had a S (mais) BP>140mmHg and 6.8% DBP>90mmHg; 12.2% had obesity class I-II; 38.1% of women with a WHP>0.85, 12.2% in the age range of 40-49 years; 2.1% of men with a WHR>1.0, 1.4% in the age range of 40-49 years. It was found that, though nursing professionals know the severity of the disease and the importance of changing their life habits, they still find it difficult to adopt that behavior, which suggests the need to implement educational programs at the work site to help them to change their behaviors.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

75

Remifentanil associado ao propofol ou sevoflurano para colecistectomia videolaparoscópica: estudo comparativo/ Remifentanil associated to propofol or sevoflurane for videolaparoscopic cholecystectomy: a comparative study/ Remifentanil asociado al propofol o sevoflurano para colecistectomia videolaparoscópica/ estudio comparativo

Estivalet, Fernanda Fischer; Bagatini, Airton; Gomes, Cláudio Roberto
2002-07-01

Resumo em português JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Técnicas de anestesia venosa, inalatória ou combinadas têm sido utilizadas para colecistectomias por videolaparoscopia. O objetivo deste estudo foi comparar o emprego de remifentanil associado ao propofol ou sevoflurano em relação aos parâmetros hemodinâmicos, a recuperação da anestesia e aos efeitos colaterais. MÉTODO: Foram estudados 40 pacientes, divididos em 2 grupos: Grupo 1 (G1) - Indução com propofol em concentração plasmát (mais) ica alvo-controlada de 3 µg.ml-1 e remifentanil na dose de 0,3 µg.kg-1.min-1 em bomba de infusão. Atracúrio (0,5 mg.kg-1) foi administrado para a intubação traqueal. A anestesia foi mantida com propofol em infusão alvo-controlada de 2,5 a 3 µg.ml-1 e oxigênio a 100%, e remifentanil em infusão contínua (0,3 µg.kg-1.min-1). Grupo 2 (G2) - Indução com sevoflurano na concentração de 6% e oxigênio a 100% com fluxo de 4 L.min-1 e remifentanil na dose de 0,3 µg.kg-1.min-1, em bomba de infusão. Após a perda da consciência, a concentração de sevoflurano foi reduzida para 2% com fluxo de oxigênio de 2 L.min-1; da mesma forma que o G1, foi administrado atracúrio na dose de 0,5 mg.kg-1. A infusão de remifentanil foi mantida durante toda a cirurgia na dose de 0,3 µg.kg-1.min-1. A média da freqüência cardíaca (FC), e das pressões arteriais sistólica (PAS), diastólica (PAD) e média (PAM) foram medidas nos seguintes momentos: M1, antes da indução anestésica; M2, 1 minuto antes da IOT; M3, 1 minuto após IOT; M4, 5 minutos após IOT; M5, 5 minutos após a incisão cirúrgica; M6 e M7,10 e 30 minutos, respectivamente, após o pneumoperitônio. Após o término do procedimento foram analisados os tempos, em minutos, para abertura ocular, ventilação espontânea, extubação, fala do nome completo e o apertar de mão do anestesiologista, sob comando. Também foram estudadas a freqüência do uso de atropina e efedrina e a ocorrência de náuseas, vômitos e dor. RESULTADOS: As alterações hemodinâmicas (PAS, PAD, PAM e FC) e o despertar dos pacientes não tiveram diferenças significativas entre os grupos. O uso de efedrina e atropina foram semelhantes. Entre as complicações somente os vômitos tiveram maior incidência no Grupo 2. CONCLUSÕES: Ambas as técnicas promoveram diminuição da pressão arterial e da freqüência cardíaca. A recuperação anestésica é semelhante para as duas técnicas. A incidência de vômitos é maior quando o remifentanil foi associado ao sevoflurano. Resumo em espanhol JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: Técnicas de anestesia venosa, inhalatoria o combinadas han sido utilizadas para colecistectomias por videolaparoscopia. El objetivo de este estudio fue comparar la utilización de remifentanil asociado al propofol o sevoflurano con relación a los parámetros hemodinámicos, la recuperación de la anestesia y a los efectos colaterales. MÉTODO: Fueron estudiados 40 pacientes, divididos en 2 grupos: Grupo 1 (G1) - Inducción con propofol en conc (mais) en:tración plasmática alvo-controlada de 3 µg.ml-1 y remifentanil en la dosis de 0,3 µg.kg-¹.min-¹ en bomba de infusión. Atracúrio (0,5 mg.kg-1) fue administrado para la intubación traqueal. La anestesia fue mantenida con propofol en infusión alvo-controlada de 2,5 a 3 µg.ml-1 y oxígeno a 100%, y remifentanil en infusión continua (0,3 µg.kg-1.min-1). Grupo 2 (G2) - Inducción con sevoflurano en la concentración de 6% y oxígeno a 100% con flujo de 4 L.min-1 y remifentanil en la dosis de 0,3 µg.kg-1.min-1, en bomba de infusión. Después de la perdida de la consciencia, la concentración de sevoflurano fue reducida para 2% con flujo de oxígeno de 2 L.min-1; de la misma forma que el G1, fue administrado atracúrio en la dosis de 0,5 mg.kg-1. La infusión de remifentanil fue mantenida durante toda la cirugía en la dosis de 0,3 µg.kg-1.min-1. La media de la frecuencia cardíaca (FC), y de las presiones arteriales sistólicas (PAS), diastólica (PAD) y media (PAM) fueron medidas en los siguientes momentos: M1, antes de la inducción anestésica; M2, 1 minuto antes de la IOT; M3, 1 minuto después IOT; M4, 5 minutos después IOT; M5, 5 minutos después de la incisión quirúrgica; M6 y M7,10 y 30 minutos, respectivamente, después el pneumoperitonio. Después del término del procedimiento fueron analizados los tiempos, en minutos, para abertura ocular, ventilación espontanea, extubación, hablar el nombre completo y el aprieto de la mano del anestesiologista, sobre comando. También fueron estudiada la frecuencia del uso de atropina y efedrina y la ocurrencia de náuseas, vómitos y dolor. RESULTADOS: Las alteraciones hemodinámicas (PAS, PAD, PAM y FC) y el despertar de los pacientes no tuvieron diferencias significativas entre los grupos. El uso de efedrina y atropina fueron semejantes. Entre las complicaciones solamente los vómitos tuvieron mayor incidencia en el Grupo 2. CONCLUSIONES: Ambas técnicas promovieron diminución de la presión arterial y de la frecuencia cardíaca. La recuperación anestésica es semejante para las dos técnicas. La incidencia de vómitos es mayor cuando el remifentanil fue asociado al sevoflurano. Resumo em inglês BACKGROUND AND OBJECTIVES: Different intravenous, inhalational or combined anesthetic techniques have been used for videolaparoscopic cholecystectomy. This study aimed at comparing hemodynamic parameters, anesthetic recovery and side-effects of remifentanil associated to propofol or sevoflurane. METHODS: Participated in this study 40 patients, who were divided in two groups: Group 1 (G1) - induced with 3 µg.ml-1 propofol and a 0.3 µg.kg-1.min-1 remifentanil infusion. At (mais) racurium (0.5 mg.kg-1) was administered for tracheal intubation. Anesthesia was maintained with 2.5 to 3 µg.ml-1 propofol in target controlled infusion and 100% oxygen, and remifentanil by continuous infusion (0.3 µg.kg-1.min-1); Group 2 (G2) - induced with 6% sevoflurane and 100% oxygen at a 4 L.min-1 flow and a 0.3 µg.kg-1.min-1 remifentanil infusion. After loss of consciousness, sevoflurane concentration was decreased to 2% with a 2 L.min-1 oxygen flow. Similarly to G1, 0.5 mg.kg-1 atracurium was administered. A 0.3 µg.kg-1.min-1 remifentanil infusion was maintained throughout the surgery. Mean heart rate (HR) and systolic (SBP) and diastolic (DBP) blood pressure were measured in the following moments: M1, before anesthetic induction; M2, 1 minute before TI; M3, 1 minute after TI; M4, 5 minutes after TI; M5, 5 minutes after incision; M6 and M7, 10 and 30 minutes after pneumoperitoneum, respectively. After surgery, the time for eye opening, spontaneous ventilation, extubation, saying the complete name and anesthesiologist’s hand shaking under verbal command were measured in minutes: Atropine and ephedrine requirements, incidence of nausea, vomiting and pain were also evaluated. RESULTS: Hemodynamic changes (SBP, DBP, MBP and HR) and patients’ emergence time were not significantly different between groups. There were similar ephedrine and atropine requirements. Among complications only vomiting was higher incidence in group 2. CONCLUSIONS: Both techniques decrease blood pressure and heart rate. Anesthetic recovery was similar for both techniques. A higher incidence of vomiting was observed when remifentanil was associated to sevoflurane.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

76

Efeitos fisiológicos agudos da taurina contida em uma bebida energética em indivíduos fisicamente ativos/ Acute physiological effects of taurine content of an energy drink in physically active subjects

Agnol, Tatyana Dall'; Souza, Paulo Fernando Araújo de
2009-04-01

Resumo em português Segundo a Secretaria de Vigilância Sanitária do Ministério da Saúde, bebidas energéticas são identificadas como compostos líquidos prontos para o consumo, sendo estas constituídas de carboidratos, taurina, cafeína, glucoronolactona, inositol e vitaminas do complexo B. Existem poucas pesquisas sobre o uso de taurina contida em bebidas energéticas relacionado com a melhora de desempenho. Este trabalho teve como objetivo analisar as respostas metabólicas e hemodin (mais) âmicas decorrentes da administração da associação de taurina e cafeína durante teste ergoespirométrico em indivíduos fisicamente ativos. Para esse fim, 20 indivíduos do sexo masculino, 26 ± 4,32 anos e índice de massa corporal 23,79 ± 2,95, praticantes de atividades aeróbicas, foram submetidos a duas sessões de testes em cicloergômetro ligado a analisador metabólico de gases. O esquema das sessões foi duplo- cego e 60 minutos antes do início dos testes foi oferecida bebida experimental ou bebida placebo. Durante os testes, foram mensuradas: frequência cardíaca (FC), pressão arterial sistólica (PAS) e diastólica (PAD), lactato sanguíneo (Lac), percepção subjetiva de esforço por escala de Borg (PSE), consumo máximo de oxigênio (VO2máx), consumo de oxigênio no ponto de compensação respiratório (RCP), tempo de exercício (TE) e carga de trabalho (CAR). Para a análise dos dados, foi realizado um teste t pareado (p ≤ 0,05). Na carga de trabalho, os resultados indicaram que houve aumento de 10 watts com a administração da bebida experimental, contudo, sem significância estatística (BE: 342 ± 40,60; P: 332,50 ± 56,83). Os principais resultados deste estudo indicam que a administração de taurina contida em bebida energética não influenciou os resultados das variáveis investigadas. Assim, podemos concluir que a dose de 2g utilizada não foi capaz de aumentar o desempenho. Resumo em inglês According to the Sanitary Surveillance Agency of the Ministry of Health, energy drinks are identified as liquid compounds ready for consumption, being made of carbohydrates, taurine, caffeine, glucoronolactone, inositol, and B-complex vitamins. Given the small number of studies on the use of taurine in energy drinks related to improved performance, this paper aimed to analyze the metabolic and haemodynamic responses resulted from the administration of the association of t (mais) aurine and caffeine during an ergospyrometric test in physically active subjects. Therefore, twenty male individuals, 26 ±4.32 years and body mass 23.79 ±2.95, frequent practitioners of aerobic activities, were submitted to two test sessions in cycle ergometer hooked to a gas metabolic analyzer. The sessions schedule was double-blind, and 60 minutes before them the individuals were offered experimental drinks or placebo drinks. During the tests, the subjects were evaluated on the following variables: heart rate (HR), systolic blood pressure (SBP), diastolic blood pressure (DBP), blood lactate (Lac), subjective perceived exertion by Borg scale (SPE), maximum oxygen uptake (VO2max), oxygen uptake at the compensation respiratory point (CRP), exercise time (ET) and work load (WL). A paired t test was carried out for data analysis, where (p≤0.05). On the work load, the results indicated an increase of 10 watts with the administration of the experimental drink, with no statistical significance, though. (ED: 342 ±40.60; P: 332.50±56.83). The main results of this study point out that taurine administration contained in the energy drink did not influence in the levels of the investigated variables. Thus, we can conclude that the 2g dose used did not improve performance.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

77

Efeitos hemodinâmicos e vasculares do treinamento resistido: implicações na doença cardiovascular/ Hemodynamic and vascular effects of resistance training: implications for cardiovascular disease

Umpierre, Daniel; Stein, Ricardo
2007-10-01

Resumo em português O treinamento resistido tem sido proposto como possível estratégia para prevenção e reabilitação cardiovascular, e nesse contexto esta revisão descreve os efeitos cardiovasculares mediados por esse tipo de intervenção. O incremento tanto na força muscular quanto na capacidade para realização de tarefas do dia-a-dia são benefícios bem caracterizados ante esse tipo de treinamento. Mais recentemente, estudos que utilizaram a avaliação hemodinâmica verificara (mais) m estabilidade cardiovascular em pacientes com doença coronariana ou insuficiência cardíaca durante a realização de exercício resistido, sem aparentes prejuízos na função ventricular ou aumento exacerbado na pressão arterial ao exercício. Adicionalmente, a pressão arterial em repouso também parece ser influenciada pelo treinamento resistido crônico, apresentando leve redução tanto para a pressão arterial sistólica (PAS) quanto para a pressão arterial diastólica (PAD). A mensuração dos níveis pressóricos após uma única sessão de exercício resistido demonstra ocorrência da hipotensão pós-exercício em indivíduos normais e hipertensos; contudo, há controvérsias quanto à intensidade de esforço necessária para indução desse efeito. Recentemente, estudos de intervenção têm investigado o exercício resistido sob o prisma vascular, avaliando a complacência arterial, assim como a função endotelial. Apesar dos poucos experimentos disponíveis, evidências têm demonstrado uma potencial influência do treinamento resistido sobre a redução da complacência arterial. Por sua vez, o fluxo sangüíneo periférico apresenta-se aumentado após o treinamento resistido, ao passo que a função endotelial parece melhorada especialmente após o treinamento combinado. Pesquisas adicionais são necessárias para análise da eficácia dessa intervenção sobre desfechos validados, e para aprofundamento de mecanismos fisiológicos responsáveis pelas adaptações vasculares. Resumo em inglês Resistance training has been proposed as a possible strategy for cardiovascular prevention and rehabilitation, and in this context, this review describes the cardiovascular effects mediated by this type of intervention. Increments in both muscular strength and capacity to perform daily tasks are well-characterized benefits of this type of training. More recently, studies using hemodynamic evaluation have shown cardiovascular stability in patients with coronary disease or (mais) heart failure during the performance of resistance exercise, with no apparent detriment to ventricular function or exacerbated increase in exercise blood pressure. Additionally, resting blood pressure also seems to be influenced by chronic resistance training, with a slight reduction in both systolic blood pressure (SBP) and diastolic blood pressure (DBP). The measurement of pressure levels after a single resistance exercise session shows the occurrence of post-exercise hypotension in normal and hypertensive individuals; however, there is controversy as to the intensity of the effort necessary to induce this effect. Recently, intervention studies have investigated resistance exercise effects on vascular variables as arterial compliance and endothelial function. Despite the small number of experiments available, evidence has shown a potential influence of resistance training on the reduction of arterial compliance. On the other hand, peripheral blood flow is increased after resistance training, whereas the endothelial function seems to be improved especially after combined aerobic and resistance training. Additional research is necessary for an analysis of the efficacy of this intervention on validated outcomes, and for a greater understanding of the physiological mechanisms responsible for vascular adaptations.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

78

Remifentanil: o regime de infusão faz diferença na prevenção das respostas circulatórias à intubação traqueal?/ Remifentanil: does the infusion regimen make a difference in the prevention of hemodynamic responses to tracheal intubation?/ Remifentanil: ¿el régimen de infusión es la diferencia en la prevención de las respuestas circulatorias a la intubación traqueal?

Nora, Fernando Squeff; Klipel, Rodrigo; Ayala, Gustavo; Oliveira Filho, Getúlio Rodrigues de
2007-06-01

Resumo em português JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Os opióides em doses elevadas diminuem a resposta circulatória à intubação traqueal. Entretanto, o lento perfil de recuperação dos opióides tradicionais pode limitar a utilização em altas doses. O remifentanil possui tempo de início e de término de ação rápidos e previsíveis, o que o diferencia dos demais. O objetivo primário deste estudo foi verificar a hipótese de que não há necessidade de iniciar a administração de remif (mais) entanil antes da indução com o propofol. MÉTODO: Foram avaliados 30 pacientes, divididos em dois grupos, que receberam anestesia geral venosa total. No Grupo 1, a infusão de remifentanil (0,3 µg.kg-1.min-1) foi iniciada dois minutos antes da indução e, no Grupo 2, juntamente com a indução. Foram avaliadas as pressões arteriais sistólica, diastólica e média (PAS, PAD, PAM), freqüência cardíaca (FC), concentrações no local efetor de propofol (CEF-prop) e de remifentanil (CEF-remi) em três momentos: basal (M0); após a perda do contato verbal (M1); e após a intubação traqueal (M2). RESULTADOS: As pressões arteriais apresentaram reduções significativas em ambos os grupos, em M1 e M2. A CEF-remi foi maior no Grupo 1, em M1 e maior, no Grupo 2, em M2 (p Resumo em espanhol JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: Los opioides en dosis elevadas disminuyen la respuesta circulatoria a la intubación traqueal. Sin embargo, el lento perfil de recuperación de los opioides tradicionales puede limitar la utilización en altas dosis. El remifentanil posee tiempo de inicio y de término de acción rápidos y previsibles, lo que lo diferencia de los demás. El objetivo primario de este estudio fue verificar la hipótesis de que no hay necesidad de iniciar la admin (mais) istración de remifentanil antes de la inducción con el propofol. MÉTODO: Fueron evaluados 30 pacientes, divididos en dos grupos, que recibieron anestesia general intravenosa total. En el Grupo 1, la infusión de remifentanil (0,3 µg.kg-1.min-1) se inició dos minutos antes de la inducción y, en el Grupo 2, conjuntamente con la inducción. Se evaluaron las presiones arteriales sistólica, diastólica y promedio (PAS, PAD, PAM), frecuencia cardiaca (FC), concentraciones en el local efector de propofol (CEF-prop) y de remifentanil (CEF-remi) en tres momentos: basal (M0); después de la pérdida del contacto verbal (M1); y después de la intubación traqueal (M2). RESULTADOS: Las presiones arteriales presentaron reducciones significativas en los dos grupos: M1 y M2. La CEF-remi fue mayor en el Grupo 1, en M1 y mayor en el Grupo 2, en M2 (p Resumo em inglês BACKGROUND AND OBJECTIVES: High doses of opioids decrease the hemodynamic response to tracheal intubation. However, the slow recovery profile of traditional opioids may limit the use of high doses. Remifentanil has a fast time of onset and is short acting, which differentiates it from the other drugs in this class. The primary objective of this study was to verify the hypothesis that there is no need to initiate the administration of remifentanil before the induction with (mais) propofol. METHODS: Thirty patients, divided in two groups, who received total intravenous anesthesia, were evaluated. In Group 1, the infusion of remifentanil (0.3 µg.kg-1.min-1) was initiated two minutes before induction, and in Group 2, at the same time of the induction. Systolic, diastolic, and mean arterial blood pressure (SBP, DBP, MAP), heart rate (HR), concentration of propofol (CEF-prop) and remifentanil (CEF-remi) in the effector area in three moments: baseline (M0), after losing verbal contact (M1), and after tracheal intubation (M2) were evaluated. RESULTS: There were significant reductions in blood pressure in both groups at M1 and M2. CEF-remi was greater in Group 1, at M1, and greater in Group 2, at M2 (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

79

Avaliação das variações hemodinâmicas durante a indução anestésica em pacientes hipertensos tratados/ Evaluation of hemodynamic variations during anesthetic induction in treated hypertensive patients/ Evaluación de las variaciones hemodinámicas durante la inducción anestésica en pacientes hipertensos tratados

Silva Neto, Walter Viterbo da; Azevedo, Giselli Santos; Coelho, Fernanda Oliveira; Netto, Eduardo Martins; Ladeia, Ana Marice
2008-08-01

Resumo em português JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Devido à alta prevalência da hipertensão arterial sistêmica, ao aumento da expectativa de vida e ao aprimoramento dos métodos diagnósticos e das técnicas cirúrgicas, essa comorbidade tornar-se-á comum em pacientes cirúrgicos. O objetivo deste estudo foi avaliar o comportamento das variáveis hemodinâmicas dos pacientes hipertensos tratados durante a indução anestésica. MÉTODO: Estudo observacional sobre o comportamento das variáv (mais) eis hemodinâmicas (pressão arterial sistólica, pressão arterial diastólica e freqüência cardíaca) durante a indução anestésica dos pacientes hipertensos e normotensos, escalados para operações eletivas submetidos à anestesia geral em quatro momentos consecutivos durante a indução anestésica: preparo (MP), fármaco (MF), laringoscopia/intubação (ML) e laringoscopia/intubação 5 min (ML5). RESULTADOS: A amostra foi composta por 128 pacientes distribuídos nos grupos de pacientes hipertensos (GH) e normotensos (GN). Houve diminuição da PAD no momento MF em ambos os grupos, com menor redução percentual no GH (18,3 ± 14,0% versus 23,0 ± 11,4%, p = 0,04). Houve aumento das PAS e PAD no momento ML em ambos os grupos, com menores elevações percentuais no GH (8,2 ± 16,3% versus 18,2 ± 21,2%, p Resumo em espanhol JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: Debido a la alta prevalencia de la hipertensión arterial sistémica, al aumento de la expectativa de vida y al perfeccionamiento de los métodos diagnósticos y de las técnicas quirúrgicas, esa comorbidad se hará común en pacientes quirúrgicos. El objetivo de este estudio fue el de evaluar el comportamiento de las variables hemodinámicas de los pacientes hipertensos tratados durante la inducción anestésica. MÉTODO: Estudio de observaci (mais) ón sobre el comportamiento de las variables hemodinámicas (presión arterial sistólica, presión arterial diastólica y frecuencia cardíaca) durante la inducción anestésica de los pacientes hipertensos y normotensos, para operaciones electivas sometidos a anestesia general en cuatro momentos consecutivos durante la inducción anestésica: preparación (MP), fármaco (MF), laringoscopía/intubación (ML) y laringoscopía/intubación 5 min (ML5). RESULTADOS: La muestra se compuso de 128 pacientes distribuidos en los grupos de pacientes hipertensos (GH) y normotensos (GN). Hubo una disminución de la PAD en el momento MF en ambos grupos, con menor reducción porcentual en el GH (18,3 ± 14,0% versus 23,0 ± 11,4%, p = 0,04). Hubo un aumento de las PAS y PAD en el momento ML en ambos grupos, con menores elevaciones de porcentaje en el GH (8,2 ± 16,3% versus 18,2 ± 21,2%, p Resumo em inglês BACKGROUND AND OBJECTIVES: Due to the high prevalence of hypertension, the increase in life expectancy, and improvement of diagnostic methods and surgical techniques, this comorbidity will be increasingly more common in surgical patients. The objective of this study was to evaluate the behavior of the hemodynamic variables during anesthetic induction in treated hypertensive patients. METHODS: This is an observational study on the behavior of hemodynamic parameters (systol (mais) ic blood pressure, diastolic blood pressure, and heart rate) during the anesthetic induction of hypertensive and normotensive patients scheduled for elective surgeries under general anesthesia, at four moments: preparation (MP), drug (MD), laryngoscopy/intubation (ML), and 5 minutes after laryngoscopy/intubation (ML5). RESULTS: The sample was composed of 128 patients divided into two groups: hypertensive (GH) and normotensive (GN). Diastolic blood pressure was reduced at MD in both groups, with a smaller percentage reduction in GH (18.3 ± 14.0% versus 23.0 ± 11.4%, p = 0.04). There was an increase in SBP and DBP at ML in both groups, with smaller percentage reductions in GH (8.2 ± 16.3% versus 18.2 ± 21.2%, p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

80

Hipertensão arterial sistêmica no setor de emergência: o uso de medicamentos sintomáticos como alternativa de tratamento/ Systemic hypertension at emergency units: the use of symptomatic drugs as choice for management

Lima, Sandro Gonçalves de; Nascimento, Luciana Simões do; Santos Filho, Cândido Nobre dos; Albuquerque, Maria de Fátima P. Militão de; Victor, Edgar Guimarães
2005-08-01

Resumo em português OBJETIVO: Comparar a resposta terapêutica dos pacientes atendidos no Setor de Emergência com sintomas e pressão arterial (PA) elevada, ao tratamento com medicação sintomática ou anti-hipertensiva. MÉTODOS: Ensaio clínico randomizado, cego, envolvendo 100 pacientes atendidos na Emergência Cardiológica do Hospital Universitário Oswaldo Cruz com sintomas associados à pressão arterial sistólica (PAS) entre 180 e 200 mmHg e/ou pressão arterial diastólica (PAD) (mais) entre 110 e 120 mmHg. Os pacientes foram randomizados para tratamento com medicação sintomática (dipirona ou diazepam) ou anti-hipertensiva (captopril). Aqueles portadores de qualquer condição clínica associada, que necessitassem de tratamento imediato na Unidade de Emergência, foram excluídos do estudo. Atingiram o critério de alta os pacientes que, ao final do período de observação de noventa minutos, tornaram-se assintomáticos e tiveram seus níveis tensionais sistólicos reduzidos para abaixo de 180 mmHg e diastólicos para aquém de 110 mmHg. RESULTADOS: A idade média da população estudada foi 54,4 anos. A maioria dos pacientes era do sexo feminino, hipertensos crônicos em tratamento farmacológico irregular, com baixa taxa de aderência às medidas não farmacológicas e classificados quanto ao índice de massa corpórea (IMC), em sobrepeso e obesos grau I. Cefaléia, dor torácica tipo D (não anginosa) e dispnéia foram as queixas mais freqüentes. A proporção de pacientes tratados com medicação sintomática que atingiu o critério de alta foi semelhante àquela de pacientes medicados com anti-hipertensivo (p=0,165). Não foi encontrada associação entre o diagnóstico prévio de hipertensão arterial sistêmica (HAS) (p=0,192), tratamento farmacológico (p=0,687) e não-farmacológico e o critério de alta. CONCLUSÃO: Uma maior proporção (não significativa) de pacientes tratados com medicação sintomática obtiveram redução da PA aquém dos níveis estabelecidos no critério de alta e tornaram-se assintomáticos após o período de observação. Resumo em inglês OBJECTIVE: Compare the therapeutic response of symptomatic, hypertensive patients to symptomatic medication or anti-hypertensive drugs at the Emergency Unit. METHODS: A randomized, blind clinical trial involving 100 (one hundred) patients assisted at the Cardiology Emergency Unit at Oswaldo Cruz University Hospital (HUOC). All patients reported symptoms associated to systolic pressure (SBP) between 180 and 200 mmHg and/or diastolic pressure (DBP) between 110 and 120 mmHg. (mais) Patients were randomized for treatment with symptomatic (dipirone or diazepan) or anti-hipertensive drug (captopril). Those reporting any associated clinical condition and in need of immediate treatment at the Emergency Unit were excluded from the study. Patients reporting no symptoms, and systolic pressure reduced to levels under 180 mmHg and diastolic pressure under 110 mmHg after the 90-minute period were considered as having met discharge criteria. RESULTS: Mean age of population studied was 54.4 years old, most commonly females. Patients were chronic hypertensive, on irregular pharmacological treatment, with low compliance to non-pharmacologic actions, and classified as overweight and obese grade I. Headache, type D (non-angina) chest pain, and dyspnea were the most frequent complaints. The number of patients treated with symptomatic drug who reached discharge criteria was similar to that of patients treated with anti-hypertensive (p=0.165). No association was found between previous high blood pressure (HBP) diagnosis (p=0.192), pharmacological treatment (p=0.687), and non-pharmacological treatment and discharge criteria. CONCLUSION: Blood pressure (BP) was reduced below levels for discharge criteria for a (non-significant) higher rate of patients treated with symptomatic drug, who were turned into asymptomatic after the observation period.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

81

Comportamento subagudo da pressão arterial após o treinamento de força em hipertensos controlados/ Subacute behavior of the blood pressure after power training in controlled hypertensive individuals/ Comportamiento sub-agudo de la presión arterial después del entrenamiento de fuerza en hipertensos controlados

Mediano, Mauro Felippe Felix; Paravidino, Vitor; Simão, Roberto; Pontes, Francisco Luciano; Polito, Marcos Doederlein
2005-12-01

Resumo em português Diversos estudos têm demonstrado um efeito benéfico do exercício de força sobre a redução da pressão arterial (PA) pós-exercício, mas ainda são escassas as pesquisas envolvendo pessoas hipertensas. Dessa forma, o presente estudo tem como objetivo comparar as respostas de PA em sujeitos hipertensos medicados após duas sessões de exercício de força com diferentes volumes de treinamento. Para tal, foram estudados 20 indivíduos de ambos os gêneros (61 ± 12 an (mais) os) com hipertensão controlada por fármacos e participantes de um programa de exercícios, porém sem experiência no treinamento de força. O estudo foi realizado em três dias não consecutivos. Primeiramente, foi determinada a carga de 10 repetições máximas em cada exercício da seqüência (supino reto, leg-press horizontal, remada em pé e rosca tríceps). Nos demais dias, os mesmos exercícios foram realizados com uma (SER1) ou três (SER3) séries. A aferição da PA foi executada pelo método auscultatório no momento pré-exercício, imediatamente após o término de cada sessão e durante 60 minutos após o término dos exercícios. A ANOVA de medidas repetidas identificou que em ambas as sessões os valores da PA sistólica (PAS) e diastólica (PAD), medidos imediatamente após o término dos exercícios, foram mais elevados (p Resumo em espanhol Varios estudios han estado demostrando un efecto beneficioso del ejercicio de fuerza en la reducción de la presión arterial (PA) el pos ejercicio, pero todavía son escasos las investigaciones que han estudiado a las personas hipertensas. De esa manera, el estudio presente tiene como objetivo las comparaciones de las respuestas de PA en sujetos hipertensos en tratamiento medicamentoso, después de dos sesiones de ejercicio de fuerza con volúmenes de entrenamiento difer (mais) entes. Para ello, 20 individuos de ambos sexos se estudiaron (61 ± 12 años) con hipertensión controlada por los fármacos y participantes de un programa de ejercicios, pero inexpertos en el entrenamiento de fuerza. El estudio se cumplió en tres días no consecutivos. Primeramente, era cierto la carga de 10 repeticiones máximas en cada ejercicio de la sucesión (supino, leg press horizontal, remada, extensiones de triceps en polea). Los otros días, los mismos ejercicios eran cumplidos con series de uno (SER1) o tres (SER3). La medida de la PA fue hecha por el metodo auscultatorio antes del ejercicio, inmediatamente después del fin de cada sesión y durante 60 minutos después del fin de los ejercicios. Se usó ANOVA para identificar las medidas repetidas en ambas sesiones los valores de la PA sistólica (PAS) y diastólica (PAD), se midió inmediatamente después del fin de los ejercicios, encontrándolos que eran más altos (p Resumo em inglês Several studies have shown a benefic effect of the power exercise on the reduction in the post-exercise blood pressure (BP), but there are insufficient researches involving hypertensive individuals. Thus, the present study has as main purpose to compare the BP responses on medicated hypertensive individuals after two sessions of power exercise with different training volumes. For this, it was studied 20 individuals of both genders (61 ± 12 years) with their hypertension (mais) controlled through medication, and who participated in an exercise program, but with no experience in power training. The study was performed in three non-consecutive days. First, it was determined ten maximal repetition load in each exercise of the sequence (straight supine, horizontal leg-press, stand-up-rowing, and triceps curl). In the remaining days, the same exercises were performed in one (SER1) or three (SER3) series. The BP measurement was performed through the auscultatory method in the pre-exercise period, immediately after each session, and within 60 minutes after ending the exercises. The repeated ANOVA measurements has identified in both sessions that the systolic (SBP), and diastolic blood pressure (DBP) values measured right after ending the exercises were higher (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

82

Fatores de risco cardiovasculares em coorte de profissionais da área médica: 15 anos de evolução/ Cardiovascular risk factors in a cohort of healthcare professionals: 15 years of evolution/ Factores de riesgo cardiovasculares en cohorte de profesionales del área médica: 15 años de evolución

Jardim, Thiago de Souza Veiga; Jardim, Paulo César Brandão Veiga; Araújo, Wattusy Estefane Cunha de; Jardim, Luciana Muniz Sanches Siqueira Veiga; Salgado, Claudia Maria
2010-09-01

Resumo em português FUNDAMENTO: Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), as doenças cardiovasculares (DCV) são responsáveis por 16,7 milhões de mortes/ano. Evidências mostram que as DCV resultam da interação entre fatores de risco variados, presentes desde a infância. OBJETIVO: Verificar, em profissionais da área médica, a presença e evolução de alguns fatores de risco cardiovasculares (FRCV) em um intervalo de 15 anos. MÉTODOS: Analisamos um grupo de indivíduos ao ing (mais) ressar na faculdade de medicina e repetimos a análise 15 anos depois, comparando os dados encontrados. Utilizamos questionários sobre FRCV (hipertensão arterial sistêmica (HAS), diabete melito (DM), dislipidemia e história familiar de DCV precoce, tabagismo, etilismo e sedentarismo). O colesterol, a glicemia, a PA, o peso, a altura, o índice de massa corpórea (IMC) foram determinados. RESULTADOS: Comparamos 100 indivíduos (sendo 64,0% homens com idade média de 19,9 anos), com os 72 (sendo 62,5% homens, 34,8 anos) incluídos 15 anos após. Houve aumento na prevalência de HAS (6,0% vs 16,7%, p = 0,024), excesso de peso (9,0% vs 26,4%, p = 0,002) e dislipidemia (4,0% vs 19,14%, p = 0,002). Os demais FRCV não se modificaram. Na análise dos valores de pressão arterial sistólica (PAS), pressão arterial diastólica (PAD), colesterol, glicemia e IMC, encontramos elevação na média de todas variáveis (p Resumo em espanhol FUNDAMENTO: Según la Organización Mundial de Salud (OMS), las enfermedades cardiovasculares (ECV) son responsables de 16,7 millones de muertes/año. Evidencias muestran que las ECV resultan de la interacción entre factores de riesgo variados, presentes desde la infancia. OBJETIVO: Verificar, en profesionales del área médica, la presencia y evolución de algunos factores de riesgo cardiovasculares (FRCV) en un intervalo de 15 años. MÉTODOS: Analizamos a un grupo de (mais) individuos al ingresar en la facultad de medicina y hemos repetido el análisis tras 15 años, comparando los datos encontrados. Utilizamos cuestionarios sobre FRCV (hipertensión arterial sistémica (HAS), diabetes melito (DM), dislipidemia e historia familiar de ECV precoz, tabaquismo, etilismo y sedentarismo). El colesterol, la glucemia, el PA, el peso, la altura, el índice de masa corpórea (IMC) fueron determinados. RESULTADOS: Comparamos a 100 individuos (siendo el 64% varones con edad promedio de 19,9 años), con los 72 (siendo un 62,5% varones, 34,8 años) incluidos 15 años después. Hubo un aumento en la prevalencia de HAS (6,0% vs 16,7%, p = 0,024), exceso de peso (9,0% vs 26,4%, p = 0,002) y dislipidemia (4,0% vs 19,14%, p = 0,002). Los demás FRCV no se modificaron. En el análisis de los valores de presión arterial sistólica (PAS), presión arterial diastólica (PAD), colesterol, glucemia e IMC, encontramos elevación en el promedio de todas las variables (p Resumo em inglês BACKGROUND: According to the World Health Organization (WHO), cardiovascular diseases (CVD) account for 16.7 million deaths per year. Evidence shows that CVD result from the interaction of multiple risk factors that are present from childhood. OBJECTIVE: To evaluate the presence and evolution of several cardiovascular risk factors (CVRF) among medical professionals, in a period of 15 years. METHODS: We analyzed a group of individuals when they entered medical school, and (mais) repeated the analysis after 15 years, comparing the data found. We used CVRF questionnaires (systemic arterial hypertension (SAH); diabetes mellitus (DM); dyslipidemia and family history of premature CVD; smoking habit; alcoholism; and sedentary lifestyle). Cholesterol, blood glucose, BP, weight, height, body mass index (BMI) values were determined. RESULTS: We compared 100 subjects (64.0% men with a mean age of 19.9 years) with a total of 72 subjects (62.5% men, 34.8 years) that were included in the study 15 years later. There was an increase in the prevalence of hypertension (6.0% vs 16.7%, p = 0.024), overweight (9.0% vs 26.4%, p = 0.002), and dyslipidemia (4.0% vs 19.14%, p = 0.002). The other CVRF remained unchanged. Analyzing the values of systolic blood pressure (SBP); diastolic blood pressure (DBP); cholesterol; glucose; and BMI, we found an increase in the mean values of all variables (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

83

Utilização da fenilefrina para controle da pressão arterial em cesarianas eletivas: dose terapêutica versus profilática/ Phenylephrine for blood pressure control in elective cesarean section: therapeutic versus prophylactic doses/ Utilización de la fenilefrina para el control de la presión arterial en cesáreas electivas: dosis terapéutica versus profiláctica

Neves, José Francisco Nunes Pereira das; Monteiro, Giovani Alves; Almeida, João Rosa de; Sant'Anna, Roberto Silva; Bonin, Hellen Bedim; Macedo, Carlos Furtado
2010-08-01

Resumo em português JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A anestesia raquídea é utilizada com frequência em casos de cesariana e se algumas medidas profiláticas não forem adotadas a incidência de hipotensão arterial é superior a 80%. O objetivo deste estudo foi comparar a eficácia da fenilefrina quando administrada terapêutica ou profilaticamente para a manutenção da pressão arterial em pacientes submetidas à anestesia raquídea para cesarianas eletivas. MÉTODO: Foram estudadas 120 gest (mais) antes submetidas a cesarianas eletivas sob anestesia raquídea, alocadas aleatoriamente em três grupos iguais, conforme o regime de administração de fenilefrina. No Grupo 1, administrou-se fenilefrina em infusão contínua, em bomba de infusão, na dose de 0,15 µg.Kg-1.min-1 após a anestesia raquídea. No Grupo 2, foi administrada fenilefrina em dose única, de forma profilática, na dose de 50 µg após a anestesia raquídea e, no Grupo 3, fenilefrina em dose única de 50 µg em caso de hipotensão arterial definida como queda da PAS e/ou PAD de até 20% em relação à média dos valores basais. Avaliou-se a incidência de hipotensão arterial, náuseas, vômitos e do índice de Apgar. RESULTADOS: A incidência de hipotensão arterial foi significativamente maior no Grupo 3, ocorrendo em 85% das gestantes. Nos Grupos 1 e 2, ocorreu em 17,5% e 32,5% dos casos, respectivamente (p Resumo em espanhol JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: La raquianestesia se usa a menudo en casos de cesárea y si algunas medidas profilácticas no se adoptan, la incidencia de hipotensión arterial es superior al 80%. El objetivo de este estudio fue comparar la eficacia de la fenilefrina cuando se administra terapéutica o profilácticamente para el mantenimiento de la presión arterial en pacientes sometidas a la raquianestesia para cesáreas electivas. MÉTODO: Se estudiaron 120 gestantes someti (mais) das a cesáreas electivas bajo raquianestesia, ubicadas aleatoriamente en tres grupos iguales, conforme al régimen de administración de fenilefrina. En el Grupo 1, se administró fenilefrina en infusión continua, con bomba de infusión en dosis de 0,15 µg.Kg-1.min-1 después de la raquianestesia. En el Grupo 2, fue administrada fenilefrina en dosis única, de forma profiláctica, en dosis de 50 µg después de la raquianestesia, y en el Grupo 3, fenilefrina en dosis única de 50 µg en el caso de hipotensión arterial definida como una caída de la PAS y/o PAD en hasta un 20% con relación al promedio de los valores basales. Se evaluó la incidencia de hipotensión arterial, náuseas, vómitos y el índice de Apgar. RESULTADOS: La incidencia de hipotensión arterial fue significativamente más elevada en el Grupo 3, acaeciendo en un 85% de las embarazadas. En los Grupos 1 y 2, ocurrió en un 17,5% y 32,5% de los casos respectivamente (p Resumo em inglês BACKGROUND AND OBJECTIVES: Spinal block is commonly used in cesarean sections and, if some prophylactic measures are not taken, the incidence of hypotension is higher than 80%. The objective of this study was to compare the efficacy of the administration of therapeutic or prophylactic doses of phenylephrine to maintain blood pressure in patients undergoing spinal block for elective cesarean section. METHODS: One hundred and twenty gravidas undergoing elective cesarean sec (mais) tions under spinal block, randomly divided in three equal groups according to the regimen of phenylephrine administered, were included in this study. In Group 1, continuous infusion of phenylephrine, using an infusion pump at 0.15 µg.kg-1.min-1 was administered after the spinal block. In Group 2, a single dose of prophylactic phenylephrine 50 µg was administered after the spinal block, and Group 3 received a single dose of phenylephrine 50 µg in case of hypotension, which was defined as a drop in SBP and/or DBP of up to 20% of baseline levels. The incidence of hypotension, nausea, and vomiting as well as the Apgar score were evaluated. RESULTS: The incidence of hypotension was significantly greater in Group 3, affecting 85% of the gravidas. In Groups 1 and 2 hypotension was seen in 17.5% and 32.5% of the cases respectively (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

84

Resposta circulatória à caminhada de 50 m na unidade coronariana, na síndrome coronariana aguda/ Circulatory response to a 50-m walk in the coronary care unit in acute coronary syndrome/ Respuesta circulatoria a la caminata de 50m en la unidad coronaria, en la síndrome coronaria aguda

Dias, Cristiane Maria Carvalho Costa; Maiato, Ana Célia Carneiro de Almeida; Baqueiro, Kátia Maria Moreno; Fiqueredo, Alessandra Maia Furtado; Rosa, Fernanda Warken; Pitanga, Janaina Oliveira; Souza, Ludmila Ivo Catão de; Guimarães, Armênio Costa
2009-02-01

Resumo em português FUNDAMENTO: Ausência de técnica padronizada e monitorada para iniciar a reabilitação de pacientes com síndrome coronariana aguda (SCA), na unidade coronariana. OBJETIVO: Descrever a técnica e a resposta circulatória à caminhada de 50 m (C50m). MÉTODOS: Estudo experimental, transversal, com 65 pacientes com SCA; destes 36 (54%) com infarto agudo do miocárdio (IAM), Killip I; 29 (45,2%) com angina instável (AI); 61,5% do sexo masculino, idade 62,8 ± 12,7 anos. C (mais) aminhada com início 45 ± 23 horas pós-internamento. Mensuraram-se pressão arterial sistólica (PAS mmHg) e diastólica (PAD mmHg), freqüência cardíaca (FC bpm), duplo produto (PAS mmHg X FC bpm), saturação periférica de oxigênio (SpO2%), tempo de caminhada e percepção do esforço pela escala de Borg (EB). Obtiveram-se medições nas posições supina, sentada e ortostase (fase 1 - estresse gravitacional), no final da caminhada e pós-repouso de 5 minutos (fase 2 - estresse físico). RESULTADOS: Observou-se aumento da FC ao estresse gravitacional sentado (Δ = 4,18) e em ortostase (Δ = 2,69), (p 142 mmHg ao sentar associou-se com aumento significativo (p = 0,031) de 11 mmHg ao exercício em 13 pacientes com sobrepeso/obesidade e 85% com hipertensão. Verificaram-se efeitos adversos em 19 (29,2%) pacientes, tonturas em 23,1%, com impedimento da caminhada em três deles. CONCLUSÃO: Nesta amostra, após 24 horas do evento coronariano, não se verificaram efeitos colaterais graves à C50m. Resumo em espanhol FUNDAMENTO: Ausencia de técnica estandarizada y de monitoreo para iniciarse la rehabilitación de pacientes con síndrome coronaria aguda (SCA), en la unidad coronaria. OBJETIVO: Describir la técnica y la respuesta circulatoria a la caminata de 50m (C50m)./ MÉTODOS: Estudio experimental, transversal, con 65 pacientes con SCA; el número de 36 (54%) de ellos con infarto agudo de miocardio (IAM), Killip I; un total de 29 (45,2%) con angina instable (AI); el 61,5% del sex (mais) o masculino, edad 62,8 ± 12,7 años. Caminata con inicio 45 ± 23 horas post internación. Se calcularon la presión arterial sistólica (PAS mmHg) y diastólica (PAD mmHg), la frecuencia cardiaca (FC bpm), el doble producto (PAS mmHg X FC bpm), la saturación periférica de oxígeno (SpO2%), el tiempo de caminata y la percepción del esfuerzo a través de la escala de Borg (EB). Se obtuvieron mediciones en las posiciones supina, sentada y ortostasis (fase 1 - estrés gravitacional), al final de la caminata y del post reposo de 5 minutos (fase 2 - estrés físico). RESULTADOS: Se observó un aumento de la frecuencia cardiaca (FC) al estrés gravitacional en la posición sentada (Δ = 4,18) y en ortostasis (Δ = 2,69), (p 142 mmHg al sentarse se asoció al aumento significativo (p = 0,031) de 11 mmHg al ejercicio en 13 pacientes con sobrepeso/obesidad y el 85% con hipertensión. Se verificaron efectos adversos en 19 (29,2%) pacientes, vértigos en el 23,1%, con interrupción de la caminata en tres de ellos. CONCLUSIÓN: En esta muestra, tras 24 horas del evento coronario, no se verificaron efectos colaterales graves a la C50m. Resumo em inglês BACKGROUND: Lack of a standardized and monitored technique to start rehabilitation of patients with acute coronary syndrome (ACS) in the coronary care unit. OBJECTIVE: To describe the technique of and circulatory response to a 50-m walk (W50m). METHODS: Experimental cross-sectional study of 65 patients with ACS; of these, 36 (54%) with acute myocardial infarction (AMI), Killip I, 29 (45.2%) with unstable angina (UA), 61.5% males with age of 62.8 ± 12.7 years. Walk was st (mais) arted 45±23h after hospitalization. Parameters measured: systolic blood pressure (SBP mmHg), diastolic blood pressure (DBP mmHg), heart rate (HR bpm), double product (SBP mmHg X HR bpm), peripheral oxygen saturation (SpO2%), walking time, and exercise tolerance by Borg scale (BS). Measurements were taken while supine, sitting, in orthostasis (phase 1 [gravitational stress]), end of the walk, and after a 5-minute rest (phase 2 [exercise stress]). RESULTS: Increased HR in response to the sitting gravitational stress (Δ=4.18) and with orthostasis (Δ=2.69) (p 142 mmHg when sitting was associated with a significant increase (p=0.031) of 11 mmHg at exercise in 13 patients with overweight/obesity and 85% with hypertension. Adverse effects occurred in 19 (29.2%) patients and dizziness in 23.1%, which impaired the walk in three of them. CONCLUSION: In this sample, patients did not present severe collateral effects to W50m. 24 hours after a coronary event.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

85

A dexmedetomidina para sedação, por via venosa, não interfere com a duração dos bloqueios sensitivo e motor da raquianestesia/ Intravenous dexmedetomidine for sedation does not interfere with sensory and motor block duration during spinal anesthesia/ La dexmedetomidina para sedación, por vía venosa, no interfiere con la duración del bloqueo sensitivo y motor de la raquianestesia

Magalhães, Edno; Ladeira, Luís Cláudio de Araújo; Govêia, Cátia Sousa; Espíndola, Beatriz Vieira
2006-02-01

Resumo em português JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A anestesia locorregional é uma prática freqüente e de grande aplicabilidade em Anestesiologia. Contudo, o paciente pode tornar-se ansioso, fazendo-se necessária a sedação. Os agentes benzodiazepínicos, opióides e o propofol são amplamente utilizados com este objetivo. Os agonistas alfa2-adrenérgicos possuem propriedades hipnóticas e sedativas e são uma alternativa no arsenal terapêutico, conferindo estabilidade hemodinâmica e mín (mais) ima depressão respiratória. O objetivo deste estudo foi avaliar a segurança e a interferência do uso da dexmedetomidina ou do midazolam, por via venosa, na duração dos bloqueios motor e sensitivo em raquianestesia. MÉTODO: Foram estudadas 35 pacientes adultas, do sexo feminino, estado físico ASA I e II, submetidas à raquianestesia com bupivacaína a 0,5% hiperbárica (15 mg), para cirurgia ginecológica eletiva, distribuídas de modo aleatório em dois grupos: grupo M (n = 17) - sedação com midazolam em infusão contínua a 0,25 µg.kg-1.min-1 e grupo D (n = 18) - sedação com dexmedetomidina em infusão contínua a 0,5 µg.kg-1.min-1. A velocidade de infusão foi ajustada para manter o valor de BIS entre 60 e 80. Foram analisados os valores de PAS, PAD, FC, SpO2, BIS, extensão e duração dos bloqueios sensitivo motor (escala de Bromage). RESULTADOS: Não houve diferença estatística significativa entre os grupos quanto à idade, peso, nível de bloqueio sensitivo, variação na pressão arterial e freqüência cardíaca e na duração dos bloqueios sensitivo e motor. CONCLUSÕES: A dexmedetomidina utilizada em sedação, por via venosa, não interferiu nos parâmetros hemodinâmicos, duração ou extensão dos bloqueios sensitivo e motor na raquianestesia, representando boa opção para sedação durante anestesia locorregional. Resumo em espanhol JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: La anestesia regional se practica con frecuencia en anestesiología. No obstante, algunos pacientes pueden mostrar ansiedad, necesitando en ese caso sedación. Los benzodiazepínicos, opioides y propofol son ampliamente utilizados para este propósito. Los agonistas alfa 2-adrenérgicos tienen propiedades hipnóticas y sedativas y son una alternativa terapéutica por la estabilidad hemodinámica y mínima depresión respiratoria. El objetivo de (mais) este estudio es evaluar la seguridad e interacciones de dexmedetomidina y midazolam por vía intravenosa en la duración del bloqueo sensitivo y motor de la raquianestesia. MÉTODO: Fueron estudiadas 35 pacientes adultas, estado físico ASA I y II, que recibieron raquianestesia con bupivacaína a 0,5% hiperbárica (15 mg), para cirugía ginecológica electiva, distribuidas de modo aleatorio en 2 grupos: grupo M (n = 17) - sedación con midazolam en infusión continua a 0,25 µg.kg-1.min-1 y grupo D (n = 18) - sedación con dexmedetomidina en infusión continua a 0,5 µg.kg-1.min-1. La velocidad de infusión fue ajustada para mantener el valor del BIS entre 60 y 80. Fueron analizados los valores de PAS, PAD, FC, SpO2, BIS, extensión y duración del bloqueo sensitivo motor (escala de Bromage). RESULTADOS: No hubo diferencia estadística entre los grupos en edad, peso, nivel de bloqueo sensitivo y duración bloqueo sensitivo motor, como de la frecuencia cardíaca y presión arterial. CONCLUSIONES: La dexmedetomidina utilizada en sedación, por vía venosa, no alteró los parámetros hemodinámicos, duración o extensión de los bloqueos sensitivo y motor de la raquianestesia, representando una buena opción para sedación durante anestesia regional. Resumo em inglês BACKGROUND AND OBJECTIVES: The association among local and regional anesthesia is a very useful and common practice. However, some patients may become anxious and require sedation. Benzodiazepines, opioids and propofol are widely used for this aim. Alpha2-adrenergic agonists have hypnotic and sedative properties and represent an alternative to promote hemodynamic stability and minor respiratory depression. This study aimed at evaluating the safety and the interference of (mais) intravenous dexmedetomidine or midazolam on sensory and motor block duration spinal anesthesia. METHODS: Thirty five adult female patients, physical status ASA I and II, were submitted to spinal anesthesia with hyperbaric 0.5% bupivacaine (15 mg) for elective gynecologic surgery. The patients were randomized and distributed in two groups: Group M (n = 17) - sedation with 0.25 µg.kg-1.min-1 midazolam continuous infusion and Group D (n = 18) sedation with 0.5 µg.kg-1.min-1 dexmedetomidine continuous infusion. Infusion rate was adjusted to maintain BIS between 60 and 80. The following parameters were evaluated: SBP, DBP, HR, SpO2, BIS sensory and motor block extension and duration (Bromage scale). RESULTS: There were no statistically significant differences between groups in age, weight, sensory block level, blood pressure and heart rate variation and sensory and motor block duration. CONCLUSIONS: Intravenous dexmedetomidine for sedation has not interfered with hemodynamic parameters, spinal anesthesia sensory and motor block duration or extension and it is a good option for sedation during local/regional anesthesia.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

86

Isoflurano em emulsão lipídica por via venosa promove estabilidade cardiovascular respiratória em modelo experimental/ Intravenous isoflurane in lipid emulsion promotes cardiovascular and respiratory stability. Experimental model/ Isoflurano en emulsión lipídica por vía venosa promueve estabilidad cardiovascular respiratoria en modelo experimental

Mathias, Lígia Andrade da Silva Telles; Piccinini Filho, Luiz; Rittes, José Carlos; Souza, Flávia Salles; Pedro, José Ricardo Pinotti; Cirillo, Wagner; Vieira, Joaquim Edson
2004-10-01

Resumo em português JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A administração venosa de anestésico inalatório pode causar lesão pulmonar. Halotano em solução lipídica por via venosa promove anestesia com estabilidade hemodinâmica e respiratória. Esta pesquisa procurou estabelecer a dose de indução para emulsão lipídica de isoflurano a 10% e observar as condições cardiovasculares e respiratórias, em anestesia experimental. MÉTODO: Sete porcos machos foram selecionados. Os animais receberam (mais) infusão de propofol para as preparações cirúrgicas invasivas: dissecção de artéria femoral e veia jugular, sensor de ecodopplercardiografia no esôfago. Foram registrados freqüência cardíaca (FC), eletrocardiograma (ECG), pressão arterial sistólica (PAS), diastólica (PAD), média (PAM), venosa central (PVC), índice cardíaco (IC), débito cardíaco (DC) e índice bispectral (BIS). As frações inspirada e expirada dos gases respiratórios foram analisadas continuamente. Iniciada infusão da emulsão lipídica de isoflurano até o índice bispectral atingir valor de 40 ± 5 (BIS40). Os animais foram mantidos anestesiados e submetidos a laparotomia exploradora para sutura gástrica. RESULTADOS: O volume total infundido para atingir BIS40 foi 25,6 ± 11,2 ml (2,56 ml de isoflurano). O tempo médio para atingir BIS40 foi 15,6 ± 6,9 minutos. Maior velocidade de infusão reduziu o tempo para os animais atingirem BIS40. Condições cardiovasculares e respiratórias mostraram-se estáveis durante a experimentação. A freqüência cardíaca aumentou com a elevação da fração expirada do isoflurano. CONCLUSÕES: A infusão venosa do isoflurano em solução emulsificada promoveu diminuição do índice bispectral, estabilidades hemodinâmica e respiratória e correlação direta com sua fração expirada. O uso do isoflurano em emulsão lipídica pode se constituir em modalidade segura de aplicação deste anestésico. Resumo em espanhol JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: La administración venosa de anestésico inhalatorio pode causar lesión pulmonar. Halotano en solución lipídica por vía venosa promueve anestesia con estabilidad hemodinámica y respiratoria. Esta pesquisa buscó establecer la dosis de inducción para emulsión lipídica de isoflurano a 10% y observar las condiciones cardiovasculares y respiratorias, en anestesia experimental. MÉTODO: Siete cerdos machos fueron seleccionados. Los animales r (mais) ecibieron infusión de propofol para las preparaciones quirúrgicas invasivas: disección de arteria femoral y vena yugular, sensor de ecodopplercardiografia en el esófago. Fueron registrados frecuencia cardíaca (FC), eletrocardiograma (ECG), presión arterial sistólica (PAS), diastólica (PAD), media (PAM), venosa central (PVC), índice cardíaco (IC), débito cardíaco (DC) e índice bispectral (BIS). Las fracciones inspirada e expirada de los gases respiratorios fueron analizadas continuamente. Iniciada infusión de la emulsión lipídica de isoflurano hasta el índice bispectral obtener valor de 40 ± 5 (BIS40). Los animales fueron mantenidos anestesiados y sometidos a laparotomía exploradora para sutura gástrica. RESULTADOS: El volumen total infundido para obtener BIS40 fue 25,6 ± 11,2 ml (2,56 ml de isoflurano). El tiempo medio para alcanzar BIS40 fue 15,6 ± 6,9 minutos. Mayor velocidad de infusión redució el tiempo para los animales alcanzar BIS40. Condiciones cardiovasculares e respiratorias se mostraron estables durante la experimentación. La frecuencia cardíaca aumentó con la elevación de la fracción expirada del isoflurano. CONCLUSIONES: La infusión venosa del isoflurano en solución emulsificada promovió disminución del índice bispectral, estabilidades hemodinámica y respiratoria y correlación directa con su fracción expirada. El uso del isoflurano en emulsión lipídica se puede constituir en modalidad segura de aplicación de este anestésico. Resumo em inglês BACKGROUND AND OBJECTIVES: Intravenous infusion of inhalation anesthetics may promote lung injury. Intravenous halothane in lipid emulsion induces anesthesia with hemodynamic and respiratory stability. This investigation aimed at establishing the induction dose of isoflurane in 10% lipid emulsion and at observing cardiovascular and respiratory effects in experimental anesthesia. METHODS: This study involved 7 male piglets. Animals received intravenous propofol for invasiv (mais) e surgical preparations: femoral artery and jugular vein dissection and esophageal ecodopplercardiographic sensor. Heart rate (HR), electrocardiography (ECG), systolic (SBP), diastolic (DBP), mean (MBP) blood pressure and central venous pressure (CVP), cardiac index (CI) and bispectral index (BIS) were recorded. Inspired and expired gases fractions were continuously evaluated. Isoflurane lipid emulsion was injected until bispectral index had decreased to 40 ± 5 (BIS40). Animals were kept anesthetized and submitted to laparotomy for gastric suture. RESULTS: Total volume to reach BIS40 was 25.6 ± 11.2 mL (2.56 mL isoflurane). Mean time to reach BIS40 was 15.6 ± 6.9 minutes. The higher the infusion rate the shorter the time to reach BIS40. Cardiovascular and respiratory conditions were stable throughout the experiment. Heart rate has increased with increased end tidal isoflurane. CONCLUSIONS: Intravenous isoflurane in lipid emulsion has promoted bispectral index decrease, hemodynamic and respiratory stability and direct correlation with its expired fraction. Intravenous isoflurane in lipid emulsion may be a safe modality for this anesthetic delivery.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

87

Estudo comparativo duplamente encoberto entre Sevoflurano Genérico e Sevorane®/ A double-blind comparative study between generic Sevoflurane and SevoraneTM/ Estudio comparativo doblemente encubierto entre Sevoflurano genérico y Sevorane®

Portella, Alfredo Augusto Vieira; Laurencel, Solange Maria; Rosa, Deise Martins; Rivera, Maria Isabel Moscote; Quintero, Santiago Osorno
2010-10-01

Resumo em português JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: O sevoflurano é acondicionado em três tipos de recipientes. As diferenças de propriedades físico-químicas desses produtos se devem aos diversos processos de fabricação, embora sejam essencialmente idênticos quanto às provas de comparação química. Existe a hipótese de que a molécula do sevoflurano possa apresentar instabilidade química devido à formação de ácidos de Lewis em conse quência do material utilizado para a fabricaç (mais) ão dos frascos e do teor de água. O objetivo deste trabalho foi analisar a eficácia clínica do sevoflurano quando acondicionado em frascos diferentes. MÉTODO: Foram estudados 64 pacientes adultos distribuídos aleatoriamente em dois grupos. Foram utilizados dois vaporizadores Datex-Ohmeda, sendo um abastecido apenas com Sevoflurano Genérico e o outro com Sevorane®. O coordenador do estudo foi o responsável pelo abastecimento dos vaporizadores e não realizou nenhuma anestesia. Em ambos os grupos, utilizou-se a mesma técnica anestésica e a mesma monitoração (ECG, FC, SpO2, P ET CO2, BIS, SEF, TOF, % INSP, % EXP, PAS, PAD). RESULTADOS: Durante a anestesia não houve diferença entre os grupos. Houve diferença estatística entre a interrupção do sevoflurano e a abertura espontânea dos olhos (13,91 ± 6,39 min Grupo II, e 10,34 ± 6,05 min Grupo I) e a interrupção do sevoflurano e o aperto de mão ao comando verbal (15,38 ± 6,47 min Grupo II, e 11,88 ± 6,60 min Grupo I). Não houve diferença estatística entre a interrupção do sevoflurano e o momento em que os pacientes atingiram Índice de Aldrete-Kroulik igual ou superior a 8. CONCLUSÕES: Durante a anestesia, não houve diferença entre os grupos. Embora o despertar tenha sido 3,5 minutos mais rápido no Grupo I (Sevoflurano Genérico), os anestesiologistas não observaram qualquer diferença no comportamento clínico dos pacientes quanto a esse aspecto Resumo em espanhol JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: El Sevoflurano se coloca en tres tipos de recipientes. Las diferencias de propiedades físico-químicas de esos productos se deben a los diversos procesos de fabricación, aunque sean esencialmente idénticos en cuanto a las pruebas de comparación química. Existe la hipótesis de que la molécula del Sevoflurano pueda presentar una inestabilidad química debido a la formación de ácidos Lewis, como consecuencia del material utilizado para la (mais) fabricación de los pomos y del contenido de agua. El objetivo de este trabajo fue analizar la eficacia clínica del Sevoflurano cuando fue acondicionado en pomos diferentes. MÉTODO: Se estudiaron 64 pacientes adultos distribuidos aleatoriamente en dos grupos. Fueron utilizados dos vaporizadores Datex-Ohmeda, siendo uno de ellos abastecido apenas con Sevoflurano Genérico y el otro con Sevorane®. El coordinador del estudio fue el responsable por el abastecimiento de los vaporizadores y no realizó la anestesia. En los dos grupos, se usó la misma técnica anestésica y la misma monitorización (ECG, FC, SpO2, P ET CO2, BIS, SEF, TOF, % INSP, % EXP, PAS, PAD). RESULTADOS: No hubo diferencia entre los grupos durante la anestesia. Pero sí que hubo una diferencia estadística entre la interrupción del Sevoflurano y la abertura espontánea de los ojos (13,91 ± 6,39 min Grupo II, y 10,34 ± 6,05 min Grupo I), y la interrupción del Sevoflurano y el apretón de la mano al comando verbal (15,38 ± 6,47 min Grupo II, y 11,88 ± 6,60 min Grupo I). No hubo diferencia estadística entre la interrupción del Sevoflurano y el momento en que los pacientes alcanzaron el Índice de Aldrete-Kroulik igual o superior a 8. CONCLUSIONES: Durante la anestesia, no se registró diferencia entre los grupos. Aunque el despertar haya sido 3,5 minutos más rápido en el Grupo I (Sevoflurano Genérico), los anestesistas no se percataron de ninguna diferencia en el comportamiento clínico de los pacientes en cuanto a ese aspecto Resumo em inglês BACKGROUND AND OBJECTIVES: Sevoflurane is presented in three types of vials. The differences in physical-chemical properties of those products are due to different manufacturing processes, although they are essentially identical regarding chemical comparison tests. It has been hypothesized that the Sevoflurane molecule could present chemical instability due to the formation of Lewis acids as a consequence of the materials used in the fabrication of the vials and the water (mais) content. The objective of this study was to analyze the clinical efficacy of Sevoflurane conditioned in different vials. METHODS: Sixty-four adult patients were randomly divided into two groups. Two Datex-Ohmeda vaporizers, one with only Generic Sevoflurane and the other with SevoraneTM, were used. The study coordinator was responsible for supplying the vaporizers and he did not participated in none anesthetic procedures. The same anesthetic technique and monitoring (ECG, HR, SpO2, P ET CO2, BIS, SEF, TOF, % INSP, % EXP, SBP, and DBP) were used in both groups. RESULTS: During anesthesia, differences were not observed between both groups. A statistically significant difference was observed in the time between the interruption of Sevoflurane and spontaneous eye opening (13,91 ± 6.39 min in Group II, and 10.34 ± 6.05 min in Group I) and the interruption of Sevoflurane and handgrip on verbal command (15.38 ± 6.47 min in Group II, and 11.88 ± 6.60 in Group I). A statistically significance difference was not observed between the interruption of Sevoflurane and the moment that patients achieved an Aldrete- Kroulik index equal or above 8. CONCLUSIONS: during anesthesia a significant difference between both groups was not observed. Although awakening was 3,5 minutes faster in Group I (Generic Sevoflurane), anesthesiologists did not observe any difference in the clinical behavior of patients

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

88

Índice de resistividade renal como preditor da revascularização renal para hipertensão renovascular/ Renal resistance index predicting outcome of renal revascularization for renovascular hypertension/ Índice de resistividad renal como predictor de la revascularización renal para hipertensión renovascular

Santos, Simone N.; Leite, Luiz R.; Tse, Tak Sun; Beck, Rebecca; Lee, Robert A.; Shepherd, Roger F. J.
2010-04-01

Resumo em português FUNDAMENTO: A estenose arterial renal (EAR) é uma causa potencialmente reversível de hipertensão arterial sistêmica (HAS) e nefropatia isquêmica. Apesar da revascularização bem sucedida, nem todos os pacientes (pt) apresentam melhora clínica e alguns podem piorar. OBJETIVO: O presente estudo se destina a avaliar o valor do índice de resistividade renal (IR) como preditor dos efeitos da revascularização renal. MÉTODOS: Entre janeiro de 1998 e fevereiro de 2001, (mais) 2.933 pacientes foram submetidos ao duplex ultrassom renal. 106 desses pacientes apresentaram EAR significativa e foram submetidos a angiografia e revascularização renal. A pressão arterial (PA) foi medida antes e depois da intervenção, em intervalos de até 2 anos e as medicações prescritas foram registradas. Antes da revascularização, o IR foi medido em 3 locais do rim, sendo obtida uma média dessas medições. RESULTADOS: Dos 106 pacientes, 81 tiveram IR Resumo em espanhol FUNDAMENTO: La estenosis arterial renal (EAR) es una causa potencialmente reversible de hipertensión arterial sistémica (HAS) y nefropatía isquémica. Pese a que la revascularización sea exitosa, ni todos los pacientes (pt) expresan mejora clínica y algunos pueden empeorar. OBJETIVO: El presente estudio está destinado a evaluar el valor del índice de resistividad renal (IR) como predictor de los efectos de la revascularización renal. MÉTODOS: Entre enero de 1998 (mais) y febrero de 2001, 2933 pacientes se sometieron al ultrasonido Doppler dúplex renal. Un total de 106 de estos pacientes expresaron EAR significativa y fueron sometidos a angiografía y revascularización renal. Se midió la presión arterial (PA) antes y después de la intervención, en intervalos de hasta 2 años y las medicaciones prescriptas fueron registradas. Antes de la revascularización, el IR se midió en 3 locales del riñón, con la obtención de un promedio de estas mediciones. RESULTADOS: De los 106 pacientes, 81 tuvieron IR Resumo em inglês BACKGROUND: Renal artery stenosis (RAS) is a potentially correctable cause of hypertension and ischemic nephropathy. Despite successful renal revascularization, not all patients (pt) overcome it and some get worse. OBJECTIVE: This study was designed to assess the value of renal resistance index (RI) in predicting the outcome of renal revascularization. METHODS: Between Jan 1998 and Feb 2001, 2,933 pts were referred to renal duplex ultrasound. 106 out of these had signific (mais) ant RAS and underwent angiography and renal revascularization. Arterial blood pressure (BP) was measured before and after the intervention, at intervals of up to 2 years and medications recorded. Prior to revascularization, RI was measured at 3 sites of each kidney and averaged. RESULTS: Out of the 106 patients, 81 had RI

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

89

Respostas cardiovasculares pós-exercício de natação/ Swimming post-exercise cardiovascular responses

Esteves, Leandro Monteiro Zein Sammour; Simões, Herbert Gustavo; Oliveira, Samantha Maria Lemes de; Cunha, Verusca Najara de Carvalho; Coelho, João Maurício de Oliveira; Botelho Neto, Willson; Lima, Laila Cândida de Jesus; Almeida, Wesley Salazar de; Silva, Carla Britto da; Campbell, Carmen Sílvia Grubert
2010-12-01

Resumo em português INTRODUÇÃO: A crescente procura da natação como um tratamento não-farmacológico da hipertensão arterial tem aumentado. Objetivo: Analisar as respostas da pressão arterial (PA) após o exercício de natação e durante a rotina diária de trabalho de indivíduos pré-hipertensos. MÉTODOS: Oito indivíduos pré-hipertensos (128,2 ± 7,8 / 77,8 ± 6,0mmHg; 41,8 ± 3,2 anos; 84,7 ± 17,9kg; 180,4 ± 4,8cm; 27,3 ± 5,8kg.m2(-1)) foram submetidos a duas sessões, sendo (mais) uma de natação (SN) e a outra de controle (SC). A PA foi medida no repouso pré-exercício e durante 12 horas de recuperação pós-exercício. Na SN, os pacientes nadaram por 45min em uma intensidade moderada a alta (PSE 14,5 ± 1,6), e, durante a SC, os sujeitos permaneceram em repouso na posição sentada pelo mesmo período de tempo. RESULTADOS: ANOVA para medidas repetidas evidenciou diminuição significativa (p Resumo em inglês INTRODUCTION: The increasing demand for swimming as a non-pharmacological treatment of hypertension has increased. PURPOSE: To analyze the blood pressure (BP) responses after swimming and during the daily work routine of pre-hypertensive individuals. METHODS: Eight male borderline hypertensive individuals (128.2 ± 7.8 / 77.8 ± 6.0 mmHg; 41.8 ± 3.2 years; 84.7 ± 17.9 kg; 180.4 ± 4.8 cm; 27.3 ± 5.8 kg.m2 (-1)) were submitted to a swimming exercise (SS) and control (CS (mais) ) sessions. BP was measured at pre-exercise rest and during 12 hours of the post-exercise recovery. In SS, patients swan for 45 minutes in a moderate-high intensity (PSE 14.5 ± 1.6), and during CS the subjects remained at seated rest for 45 min. RESULTS: ANOVA for repeated measures evidenced significant decrease (P

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

90

Reprodutibilidade da medida ambulatorial da pressão arterial em pacientes hipertensos com diabete melito tipo 2/ Reproducibility of ambulatory blood pressure monitoring in hypertensive patients with type 2 diabetes mellitus

Felício, João Soares; Pacheco, Juliana Torres; Ferreira, Sandra Roberta; Plavnik, Frida; Kohlmann, Oswaldo; Ribeiro, Artur Beltrame; Zanella, Maria Tereza
2007-02-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar a reprodutibilidade e o efeito placebo sobre a monitorização ambulatorial da pressão arterial (MAPA) (SpaceLabs-90207). MÉTODOS: Mensurou-se a PA no consultório e por meio de duas MAPA, realizadas em um intervalo de 1 a 10 meses (média de 4,9 meses), de 26 pacientes com diabetes tipo 2 e hipertensão. Onze pacientes (G1) realizaram as duas MAPA sem medicação anti-hipertensiva por 15 dias, enquanto o G2 (N = 15) fez a segunda MAPA em uso de placeb (mais) o pelo mesmo período. RESULTADOS: Ao avaliarmos os coeficientes de variação (CV) da PA sistólica na vigília (PASV), PA diastólica na vigília (PADV), PA sistólica nas 24h (PAS24h) e PA diastólica nas 24h (PAD24h), encontramos valores de 4,6%, 3,9%, 5,0% e 4,0% no G1 e 4,3%, 5,1%, 3,7% e 5,1% no G2, respectivamente. Quanto ao CV da PA sistólica e diastólica durante o sono (PASS e PADS), encontramos 7,7% e 8,2% para G1, e 5,6% e 6,3% para G2, respectivamente. O CV da freqüência cardíaca na vigília e durante o sono foram: G1 = 5,9% e 9,0%, G2 = 6,9% e 5,8%, respectivamente. Analisando o total dos pacientes, todas as variáveis mostraram fortes correlações entre a primeira e a segunda MAPA (PASV, r=0,76; P Resumo em inglês OBJECTIVE: To evaluate the reproducibility of ambulatory blood pressure monitoring (ABPM) (SpaceLabs-90207) and placebo effect on ABPM. METHODS: Blood pressure was measured in the office and over two ABPM periods with an interval from one to ten months (mean 4.9 months), in 26 patients with type 2 diabetes mellitus and hypertension. Eleven patients (G1) had two ABPMs without taking antihypertensive drugs for 15 days, whereas G2 (N=15) had the second ABPM after administrat (mais) ion of a placebo for 15 days. RESULTS: In the evaluation of the coefficient of variation (CV) of diurnal (awake) systolic BP (DSBP), of diurnal (awake) diastolic BP (DDBP), of 24-hour systolic BP (24hSBP) and of 24-hour diastolic BP (24hDBP), the values found were 4.6%, 3.9%, 5.0%, 4.0% for G1 and 4.3%, 5.1%, 3.7%, 5.1% for G2 respectively. We also determined the CV of nocturnal (sleep) systolic and diastolic BP (NSBP and NDBP) for G1 (7.7%; 8.2%) and G2 (5.6%; 6.3%). Heart rate CV during alertness and sleep were: G1=5.9% and 9.0%; G2=6.9% and 5.8% respectively. When the total number of 'patients was analyzed, all variables showed a strong correlation between the first and second ABPM measurements (DSBP, r = 0.76; P

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

91

Relação da obesidade com a pressão arterial elevada em crianças e adolescentes/ Relationship of obesity with high blood pressure in children and adolescents

Souza, Maria Goretti Barbosa de; Rivera, Ivan Romero; Silva, Maria Alayde Mendonça da; Carvalho, Antonio Carlos Camargo
2010-06-01

Resumo em português FUNDAMENTO: Excessos de peso e de gordura corporal são atualmente reconhecidos como os maiores determinantes da elevação da pressão arterial em crianças e adolescentes. OBJETIVO: Identificar associação e correlação entre obesidade - identificada por meio da circunferência da cintura (CC), da prega cutânea do tríceps (PCT) e do índice de massa corporal (IMC) - pressão arterial elevada (PAE) em crianças e adolescentes. MÉTODOS: Estudo epidemiológico transve (mais) rsal, de base populacional escolar, em crianças e adolescentes de ambos os sexos, com idades entre 7 e 17 anos, selecionados aleatoriamente. Protocolo: questionário estruturado; medidas de peso, altura, espessura da prega tricipital, circunferência da cintura, pressão arterial; diagnóstico de obesidade por meio de IMC, PCT e CC; diagnóstico de PAE. Análise estatística: qui-quadrado. RESULTADOS: Foram avaliados 1.253 estudantes (547 do sexo masculino, média de idade 12,4 ± 2,9 anos), e identificou-se uma prevalência de obesidade (IMC, PCT, CC), respectivamente, de 13,7%, 14,8% e 9,3%. A PAE foi identificada em 7,7% dos jovens. Houve associação significante de obesidade (IMC, PCT, CC) com PAE (*p Resumo em inglês BACKGROUND: Excess weight and body fat are currently recognized as the major determinants of high blood pressure in children and adolescents. OBJECTIVE: To identify the relationship between obesity - identified by waist circumference (WC), triceps skinfold thickness (TSF) and body mass index (BMI) - high blood pressure (HBP) in children and adolescents. METHODS: A cross-sectional epidemiological study based on school population in children and adolescents of both sexes, a (mais) ged between 7 and 17 years, randomly selected. Protocol: a structured questionnaire; measures of weight, height, triceps skinfold thickness, waist circumference, blood pressure, diagnosis of obesity through BMI, TSF thickness and waist circumference; diagnosis of HBP. Statistical analysis: Chi-square. RESULTS: A total of 1,253 students (547 males, mean age 12.4 ± 2.9 years), were assessed. A prevalence of obesity (BMI, TSF thickness, WC) of 13.7%, 14,8% and 9.3% respectively were identified. HBP was identified in 7.7% of young people. There was a significant association between obesity (BMI, TSF thickness, WC) with HBP (*p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

92

Pressão arterial de 24 horas em mulheres idosas normotensas e com hipertensão do avental branco/ 24-hour blood pressure in normotensive elderly women and elderly women with white-coat hypertension/ Presión arterial de 24 horas en mujeres mayores normotensas y con hipertensión de la bata blanca

Hekman, Paulo Rogério W.; Barbisan, Juarez N.; Menezes, Honório S.; Antonello, Vicente
2010-04-01

Resumo em português FUNDAMENTO: Mudanças no comportamento do ritmo circadiano podem ser deletérias, levando à lesão de órgãos-alvo, o que sugere ser de importante significado prognóstico e, eventualmente, podem também demandar intervenção terapêutica. OBJETIVO: Descrever e comparar os ritmos circadianos de pressão arterial (PA) entre mulheres idosas normotensas e portadoras de hipertensão do avental branco (HAB). MÉTODOS: Estudo transversal em uma amostra de 36 pacientes, com i (mais) dades entre 60-83 anos, submetidas à monitorização ambulatorial de pressão arterial (MAPA) durante 24 horas. Dezenove idosas normotensas e 17 com HAB foram comparadas quanto à queda noturna e variabilidade de PA, ascensão matinal da PAS, pressão de pulso, hipotensão pós-prandial e correlação de médias de PA de 24 horas. Na análise estatística, utilizou-se o teste t de Student, teste do qui-quadrado, teste exato de Fisher e teste de correlação linear de Pearson. RESULTADOS: As idosas com HAB apresentaram níveis mais elevados de PAS do que as normotensas, entre 8-12 horas (133 ± 8,0 mmHg vs 123 ± 9,0 mmHg, respectivamente, p Resumo em espanhol FUNDAMENTO: Cambios en el comportamiento del ritmo circadiano pueden ser perjudiciales, conduciendo a la lesión de órganos blanco, lo que sugiere ser de importante significado pronóstico y, eventualmente, pueden también demandar intervención terapéutica. OBJETIVO: Describir y comparar los ritmos circadianos de presión arterial (PA) entre mujeres mayores normotensas y portadoras de hipertensión de la bata blanca (HABB). MÉTODOS: Estudio transversal en una muestra (mais) de 36 pacientes, con edades entre 60-83 años, sometidas a monitoreo ambulatorio de presión arterial (MAPA) durante 24 horas. 19 mujeres mayores normotensas y 17 con HABB fueron comparadas con relación a la caída nocturna y variabilidad de la PA, ascenso matinal de la PAS, presión de pulso, hipotensión postprandial y correlación de promedios de PA de 24 horas. En el análisis estadístico, se utilizó el test t de Student, el test de chi-cuadrado, el test exacto de Fisher y el test de correlación lineal de Pearson. RESULTADOS: Las mujeres mayores con HABB presentaron niveles más elevados de PAS que las normotensas, entre 8-12 horas (133 ± 8,0 mmHg vs 123 ± 9,0 mmHg, respectivamente, p Resumo em inglês BACKGROUND: Changes in the behavior of the circadian rhythm can be deleterious, leading to target-organ damage, which suggests that they can have a prognostic significance and, eventually, can also demand therapeutic intervention. OBJECTIVE: To describe and compare the circadian rhythms of blood pressure (BP) in normotensive elderly women and in those with white-coat hypertension (WCH). METHODS: A cross-sectional study was carried out in sample of 36 patients, aged 60-83 (mais) years, submitted to ambulatory blood pressure monitoring (ABPM) for a period of 24 hours. Nineteen normotensive elderly women and 17 with WHC were compared regarding the nocturnal dipping and the BP variability, morning increase in systolic blood pressure (SBP), pulse pressure, post-prandial hypotension and correlation of 24-hour BP means. The statistical analysis used the Student's t test, Chi-square test, Fisher's exact test and Pearson's linear correlation. RESULTS: The elderly women with WCH presented higher levels of SBP than the normotensive ones, between 8 am-12 pm (133 ± 8.0 mmHg vs 123 ± 9.0 mmHg, respectively, p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

93

Influência da ordem de execução de exercícios resistidos na hipotensão pós-exercício em idosos hipertensos/ Influence of resistance exercises order performance on post-exercise hypotension in hypertensive elderly

Jannig, Paulo Roberto; Cardoso, Ana Claudia; Fleischmann, Eriberto; Coelho, Carla Werlang; Carvalho, Tales de
2009-10-01

Resumo em português Existem evidências de que exercícios resistidos contribuem para o controle de hipertensão arterial sistêmica, porém, são necessários estudos que indiquem a melhor forma de utilizá-los. O objetivo deste estudo foi analisar a influência da ordem de execução de exercícios resistidos na hipotensão pós-exercício em idosos com hipertensão arterial bem controlada. A amostra foi composta por oito idosos com hipertensão arterial sistêmica bem controlada (quatro h (mais) omens e quatro mulheres). No protocolo 1 (P1) foram realizados inicialmente três exercícios para membros superiores e, posteriormente, três exercícios para membros inferiores. No protocolo 2 (P2) a sequência foi inversa. Já no protocolo 3 (P3) os exercícios foram realizados de forma alternada. Todos os exercícios foram realizados em três séries de 12 RM. Após cada protocolo a pressão arterial (PA) foi verificada em intervalos de 10 minutos, até 60 minutos pós-exercício. Os dados obtidos foram analisados através da ANOVA de fator duplo e fator único com post-hoc de Tukey e teste t de Student pareado com distribuição bicaudal (p Resumo em inglês There is evidence that resistance training can help to control hypertension, although further studies are needed to show the best way to perform it. The objective of this study was to analyze the influence of the resistance exercises order performance in post-exercise hypotension in elderly with controlled hypertension. The study sample consisted of eight elderly with controlled hypertension (four men and four women). In exercise protocol 1 (P1), they performed three uppe (mais) r limb exercises and then three lower limb exercises. In exercise protocol 2 (P2) the sequence was reversed. In exercise protocol 3 (P3) the subjects performed the same exercises in an alternate way. All exercises were performed in three sets of 12RM. Blood pressure (BP) was measured after each protocol at every 10 min until 60 min post-exercise. The data obtained were assessed using two-way ANOVA with post-hoc Tukey and paired Student's t test (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

94

Hipotensão pós-exercício em hipertensos submetidos ao exercício aeróbio de intensidades variadas e exercício de intensidade constante/ Post-exercise hypotension in hypertensive individuals submitted to aerobic exercises of alternated intensities and constant intensity-exercise/ Hipotensión pós ejercicio en hipertensos sometidos a ejercicio aerobio de intensidades variadas y ejercicio de intensidad constante

Cunha, Gisela Arsa da; Rios, Aline Cristina Santos; Moreno, Juliano Rodrigues; Braga, Pedro Luiz; Campbell, Carmen Silvia Grubert; Simões, Herbert Gustavo; Denadai, Mara Lucy Dompietro Ruiz
2006-12-01

Resumo em português O exercício agudo pode resultar em hipotensão pós-exercício (HPE), que tem sido observada em normotensos e hipertensos, especialmente após exercícios contínuos (intensidade baixa a moderada). O objetivo foi comparar os efeitos hipotensores de exercícios de intensidade variada (EIV) e constante (EIC) e verificar se EIV potencializa a HPE. Onze hipertensos (56,8 ± 2,6 anos; IMC = 26,5 ± 0,3kg/m²) foram submetidos a teste ergométrico (TE) e a duas sessões de exe (mais) rcícios submáximos em esteira (45 min), em dias distintos e com intervalo de 48h, sendo uma sessão de EIV alternando-se 2 min a 55,9 ± 2,6% e 1 min a 74,5 ± 4,0% da reserva de freqüência cardíaca (RFC) e uma sessão de EIC a 60 ± 2,5% da RFC. Em ambas as sessões os participantes permaneciam em repouso por 10 min (rep) para aferição da pressão arterial (PA) e freqüência cardíaca (FC), e então executaram 5 min de aquecimento seguidos de 45 min de EIV ou EIC. A PA e a FC foram monitoradas a cada 5 min de exercício e aos 5, 10, 15, 30, 60, 90 e 120 min de recuperação pós-exercício (rec). ANOVA e teste t de Student evidenciaram HPE de pressão arterial sistólica (PAS) após ambas as sessões (p Resumo em espanhol El ejercicio agudo puede resultar en hipotensión pos ejercicio (HPE), que ha sido observada en normotensos e hipertensos, especialmente después de ejercicios continuos (intensidad baja a moderada). El objetivo ha sido comparar los efectos hipotensores de Ejercicios de Intensidad Variada (EIV) y Constante (EIC) y verificar si EIV potencia la HPE. Once hipertensos (56,8 ± 2,6 años; IMC 26,5 ± 0,3kg/m²) fueron sometidos a test ergométrico (TE) y a dos sesiones de ejer (mais) cicios submáximos en cinta ergométrica (45 min), en días distintos y con intervalo de 48h, con una sesión de EIV alternándose 2 min a 55,9 ± 2,6% e 1 min a 74,5 ± 4,0% de la reserva de frecuencia cardíaca (RFC) y una sesión de EIC a 60 ± 2,5% de RFC. En ambas sesiones, los participantes permanecían en reposo por 10 min (rep) para medir la presión arterial (PA) y frecuencia cardíaca (FC), y a 5 min de calentamiento seguidos de 45 min de EIV o EIC. La PA y la FC fueron monitoreadas a cada 5 min de ejercicio y también a los 5, 10, 15, 30, 60, 90 y 120 min de recuperación pos ejercicio (rec). ANOVA y test-t de Student evidenciaron HPE de presión arterial sistólica (PAS) después de las dos sesiones (p Resumo em inglês Acute exercise may result in post-exercise hypotension (PEH), which has been observed both for normotensive and hypertensive individuals, especially after continuous exercise (low to moderate intensity). The purposes were to compare the hypotensive effects of continuous exercise performed with alternated (AI) and constant intensities (CI) and verify if AI is more effective on inducing PEH. Eleven hypertensive subjects (56.8 ± 2.6 years; BMI of 26.5 ± 0.3 kg/m²) perform (mais) ed, on different days, an incremental test (IT) and two submaximal exercise sessions (45 min) on treadmill (AI and CI). The AI consisted of 2 min at 55.9 ± 2.6% and 1 min at 74.5 ± 4.0% of heart rate reserve (HRR) while the CI consisted of 45 min at 60 ± 2.5% of HRR. On both sessions participants rested for 10 min before exercise for blood pressure (BP) and heart rate (HR) measurements and then performed a 5 min warm-up followed by 45 min of either AI or CI. BP and HR were monitored at each 5 min of exercise and at the 5th, 10th, 15th, 30th, 60th, 90th and 120th min of post-exercise recovery (rec). ANOVA and Student t-test evidenced PEH of systolic blood pressure (SBP) after both sessions when compared to resting (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

95

Fatores genéticos na agregação familiar da pressão arterial de famílias nucleares portuguesas/ Genetic factors in familial aggregation of blood pressure of portuguese nuclear families/ Factores genéticos en la agregación familiar de la presión arterial de familias nucleares portuguesas

Fermino, Rogério César; Seabra, André; Garganta, Rui; Maia, José António Ribeiro
2009-03-01

Resumo em português FUNDAMENTO: Apesar da elevada prevalência de hipertensão arterial em Portugal, a importância relativa que os genes possam exercer na manifestação final dos valores da pressão arterial (PA) parece pouco estudada. OBJETIVOS: Verificar a presença, indireta, de transmissão vertical de fatores genéticos entre progenitores e descendentes nos valores da PA, e estimar a contribuição dos fatores genéticos responsáveis pela variação dos valores de PA em termos popula (mais) cionais. MÉTODOS: A amostra foi constituída por 367 indivíduos (164 progenitores e 203 descendentes) pertencentes a 107 famílias nucleares provenientes de diferentes regiões do norte de Portugal, participantes do projeto "Famílias Activas". A PA foi medida com um aparelho digital da marca Omron®, modelo M6 (HEM-7001-E). Foram utilizados os softwares estatísticos SPSS 15.0 para a análise exploratória de dados e o cálculo das estatísticas descritivas, e o PEDSTATS para analisar o comportamento genérico das variáveis entre os diferentes membros da família. O cálculo das correlações entre familiares e as estimativas de heritabilidade foram realizados nos módulos FCOR e ASSOC do software de epidemiologia genética S.A.G.E., versão 5.3. RESULTADOS: Para a PA sistólica (PAS), os valores das correlações entre os graus de parentesco foram de baixos a moderados (0,21 Resumo em espanhol FUNDAMENTO: A pesar de la elevada prevalencia de hipertensión arterial en Portugal, la importancia relativa que los genes pueden ejercer en la manifestación final de los valores de la presión arterial (PA) nos parece poco estudiada. OBJETIVOS:Verificar la presencia, indirecta, de transmisión vertical de factores genéticos entre progenitores y descendientes en los valores de la PA, y estimar el aporte de los factores genéticos responsables de la variación de los val (mais) ores de PA en términos poblacionales. MÉTODOS: La muestra estaba conformada por 367 individuos (164 progenitores y 203 descendientes) pertenecientes a 107 familias nucleares provenientes de diferentes regiones del norte de Portugal, participantes del proyecto "Familias Activas". La PA se midió con un aparato digital de la marca Omron®, modelo M6 (HEM-7001-E). Se utilizaron los softwares estadísticos SPSS 15.0 para el análisis exploratorio de datos y el cálculo de las estadísticas descriptivas, y el PEDSTATS para analizar el comportamiento genérico de las variables entre los diferentes miembros de la familia. El cálculo de las correlaciones entre familiares y las estimativas de heritabilidad se realizaron en los módulos FCOR y ASSOC del software de epidemiología genética S.A.G.E., versión 5.3. RESULTADOS: Para la PA sistólica (PAS), los valores de las correlaciones entre los grados de parentesco se mostraron bajos a moderados (0,21 Resumo em inglês BACKGROUND: Despite of the increase in the prevalence of hypertension in Portugal, the importance of genetic factors in blood pressure (BP) has not been studied extensively in our country. OBJECTIVES: To verify the indirect presence of vertical transmission of genetic factors between parents and children in BP values, and to estimate the magnitude of genetic factors contributing for variation in BP values in the population. METHODS: Sample size comprises 367 individuals ( (mais) 164 parents and 203 children) pertaining the 107 nuclear families participating in "Familias Activas" project, proceeding from different regions of North Portugal. The BP was measured with Omron® model M6 (HEM-7001-E) digital device. SPSS 15.0 was used for data analysis; PEDSTATS was used to verify the structure of each family data. Familial correlations and heritability estimates were computed in FCOR and ASSOC modules of S.A.G.E. version 5.3. RESULTS: For systolic BP (SBP), correlation values were low to moderate (0,21

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

96

Doença arterial obstrutiva periférica e índice tornozelo-braço em pacientes submetidos à angiografia coronariana/ Peripheral arterial occlusive disease and ankle-brachial index in patients who had coronary angiography

Gabriel, Sthefano Atique; Serafim, Pedro Henrique; Freitas, Carlos Eduardo Moreira de; Tristão, Cristiane Knopp; Taniguchi, Rodrigo Seiji; Beteli, Camila Baumann; Gabriel, Edmo Atique; Morad, José Francisco Moron
2007-03-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar a prevalência de doença arterial obstrutiva periférica (DAOP) em coronariopatas. Avaliar a relação entre Índice Tornozelo-Braço (ITB) e doença coronariana, e sua correlação com fatores de risco cardiovascular. MÉTODO: ITB investigado com ultra-sonografia Doppler. Características clínicas pesquisadas: idade, sexo, diabetes mellitus, hipertensão arterial sistêmica, etilismo, tabagismo e obesidade. População: 113 pacientes submetidos à ang (mais) iografia coronariana. Primeira análise: 2 grupos - ausência e presença de coronariopatia. Segunda análise: 3 grupos - Grupo 1 - ausência de lesão coronariana; Grupo 2 - estenose 70%. Terceira análise: 2 grupos - ausência e presença de DAOP. RESULTADOS: 90,76% dos coronariopatas apresentaram DAOP. Houve diferença significante quanto à faixa etária (p Resumo em inglês OBJECTIVE: To evaluate the prevalence of peripheral arterial disease (PAD) in patients with coronary arterial disease. To evaluate the relation between ankle-brachial index (ABI) and coronary arterial disease, and its correlation with cardiovascular risk factors. METHOD: ABI investigated with Doppler ultrasonic device. Clinical characteristics researched: age, gender, diabetes, hypertension, alcoholism, smoking and obesity. Population: 113 patients who had coronary angiog (mais) raphy. First analyses: 2 groups - absence and presence of coronary arterial disease. Second analyses: 3 groups - Group 1 - absence of coronary lesion; Group 2 - stenosis 70%. Third analyses: 2 groups - absence and presence of PAD. RESULTS: 90.76% of patients with coronary arterial disease presented PAD. There were significant difference including age (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

97

Corticoterapia pré-natal nas síndromes hipertensivas da gestação e seus efeitos na pressão arterial materna/ Antenatal glucocorticoid therapy and hypertensive pregnancies: effect in maternal blood pressure

SASS, N.; CANÇADO, R.R.; OLIVEIRA, M.L.; TORLONI, M.R.
2001-09-01

Resumo em português OBJETIVOS: Avaliar o comportamento da pressão arterial em gestantes portadoras de síndromes hipertensivas na vigência de ciclo de corticóide (esquema de LIGGINS) utilizado para a aceleração da maturidade pulmonar fetal. MÉTODOS: A partir de estudo retrospectivo, foram avaliadas 27 gestantes portadoras de hipertensão arterial, com idade gestacional entre 24 e 34 semanas, submetidas a corticoterapia antenatal. Para tanto, foi realizada análise estatística das méd (mais) ias das pressões arteriais sistólicas e diastólicas separadamente, dos dias anterior, primeiro e segundo dias que compõem o ciclo de corticoterapia e do dia posterior a este ciclo. Obtidas as variâncias, foi aplicado o teste F Statistic, analisado através do valor de p, significante, se menor que 0,05. RESULTADOS: Não foi observada variação significativa dos níveis de pressão arterial, seja sistólica como diastólica, não se identificando dificuldades no controle clínico das pacientes, não tendo sido observada necessidade de elevação das doses de drogas hipotensores utilizadas. CONCLUSÃO: Nossos resultados observaram segurança na utilização de ciclos de corticóides em pacientes portadoras de hipertensão arterial em relação à possíveis agravos dos níveis pressóricos. Resumo em inglês PURPOSE: To evaluate the behaviour of blood pressure among hypertensive pregnants during glucocorticoid therapy (LIGGINS scheme) in order to accelerate the maturity of fetal lung. METHODS: In a retrospective study, 27 pregnant with a story of hypertensive disorder, between 24 and 34 weeks, during glucocorticoid cycle were avaluated. For this matter, statistical analisis were performed using the means of systolic (SBP) and diastolic blood pressure during the therapy days, (mais) on the day before and on the day after. The results were statistically analyzed with F statistic test ( significant if p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

98

Avaliação hemodinâmica não invasiva de mulheres não grávidas, gestantes saudáveis e gestantes com pré-eclâmpsia usando biorreatância/ Non-invasive hemodynamic assessment of non-pregnant, healthy pregnant and preeclamptic women using bio-reactance/ Evaluación hemodinámica no invasiva de mujeres no embarazadas, embarazadas sanas y embarazadas con preeclampsia usando biorreactancia

Ohashi, Yayoi; Ibrahim, Hisham; Furtado, Louis; Kingdom, John; Carvalho, José Carlos Almeida
2010-12-01

Resumo em português JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Comparamos os perfis hemodinâmicos de gestantes saudáveis e com pré-eclâmpsia leve, a termo, assim como de controles saudáveis não grávidas, usando um novo monitor de débito cardíaco não invasivo (NICOM, do inglês) baseado na biorreatância. MÉTODOS: Estudamos gestantes saudáveis a termo (Preg, n = 10), gestantes a termo com pré-eclâmpsia leve (PregPE, n = 10) e mulheres saudáveis não grávidas (NonPreg, n = 10). Com as paciente (mais) s na posição de semidecúbito lateral esquerdo, 4 eletrodos do NICOM foram colocados na parede do tórax. Essa colocação foi seguida de um período de descanso de 15 minutos. Variáveis hemodinâmicas, incluindo pressão arterial sistólica (PAS), diastólica (PAD) e média (PAM), assim como frequência cardíaca (FC), volume sistólico (VS), resistência periférica total (RPT), débito cardíaco (DC), potência cardíaca (PC) e tempo de ejeção ventricular (TEV) foram monitorados por 15 minutos. RESULTADOS: Os grupos Preg e NonPreg apresentaram perfis hemodinâmicos semelhantes, exceto por um TEV mais curto no grupo Preg (213,3 ± 19,3 ms versus 265,0 ± 28,8 ms, p Resumo em espanhol JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: Comparamos los perfiles hemodinámicos de embarazadas sanas y con preeclampsia ligera a término, como también los controles sanos de las no embarazadas, usando un nuevo monitor de débito cardíaco no invasivo (NICOM, del inglés), con base en la biorreactancia. MÉTODOS: Estudiamos embarazadas sanas a término (Embarazadas, n = 10), embarazadas a término con preeclampsia ligera (EmbarazadasPE, n = 10) y mujeres sanas no embarazadas (No Embar (mais) azadas, n = 10). Con las pacientes en posición de semidecúbito lateral izquierdo, 4 electrodos del NICOM fueron colocados en la pared del tórax. Esa colocación fue secundada por un período de descanso de 15 minutos. Variables hemodinámicas, incluyendo presión arterial sistólica (PAS), diastólica (PAD) y promedio (PAM), como también la frecuencia cardíaca (FC), volumen sistólico (VS), resistencia periférica total (RPT), débito cardíaco (DC), potencia cardíaca (PC) y tiempo de eyección ventricular (TEV), fueron monitorizados por 15 minutos. RESULTADOS: Los grupos Embarazada y No Embarazada, presentaron perfiles hemodinámicos parecidos, excepto por un TEV más corto en el grupo Embar. (213,3 ± 19,3 ms versus 265,0 ± 28,8 ms, p Resumo em inglês BACKGROUND AND OBJECTIVES: We compared hemodynamic profiles of healthy and mildly preeclamptic pregnant women at term, as well as those of non-pregnant controls, using a new non-invasive cardiac output monitor (NICOM) based on bio-reactance. METHODS: We studied healthy term pregnant women at term (Preg, n = 10), mildly preeclamptic pregnant women at term (PregPE, n = 10), and healthy non-pregnant female volunteers (NonPreg, n = 10). With the subjects in the semi left late (mais) ral position, 4 electrodes of the NICOM device were applied to their chest wall, followed by a 15-minute rest period. Hemodynamic variables, including the systolic (SBP), diastolic (DPB) and mean arterial (MAP) pressures, as well as the heart rate (HR), stroke volume (SV), total peripheral resistance (TPR), cardiac output (CO), cardiac power output (CPO), and ventricular ejection time (VET) were then monitored for 15 minutes. RESULTS: The Preg and NonPreg groups showed similar hemodynamic profiles, except for a shorter VET in the Preg group (213.3 ± 19.3 ms versus 265.0 ± 28.8 ms, p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

99

Associação entre ácido úrico e variáveis de risco cardiovascular em uma população não hospitalar/ Association between uric acid and cardiovascular risk variables in a non-hospitalized population

Barbosa, Monica Cristina Campos; Brandão, Andréa Araujo; Pozzan, Roberto; Magalhães, Maria Eliane Campos; Campana, Érika Maria Gonçalves; Fonseca, Flavia Lopes; Pizzi, Oswaldo Luiz; Freitas, Elizabete Viana de; Brandão, Ayrton Pires
2011-01-01

Resumo em português FUNDAMENTO: A associação entre ácido úrico (AU) e as variáveis de risco cardiovascular permanece controversa em estudos epidemiológicos. OBJETIVO: Avaliar a associação entre o AU, pressão arterial (PA), índices antropométricos e variáveis metabólicas em população não hospitalar estratificada por quintis de AU. MÉTODOS: Em estudo observacional transversal, foram avaliados 756 indivíduos (369M), com idade de 50,3 ± 16,12 anos, divididos em quintis de AU. (mais) Foram obtidos PA, índice de massa corporal (IMC), circunferência abdominal (CA), AU, glicose, insulina, HOMA-IR, colesterol (CT), LDL-c, HDL-c, triglicerídeos (TG), creatinina (C). Foi calculada a taxa de filtração glomerular estimada (TFGE) e considerada hipertensão arterial (HA) quando a PA > 140x90 mmHg, sobrepeso/obesidade (S/O) quando IMC > 25 kg/m² e síndrome metabólica (SM) de acordo com a I Diretriz Brasileira de SM. RESULTADOS: 1) Não houve diferença entre os grupos na distribuição por sexo e faixa etária; 2) Os maiores quintis de AU apresentaram maiores médias de idade (p Resumo em inglês BACKGROUND: The association between uric acid (UA) and cardiovascular risk variables remains a controversial issue in epidemiological studies. OBJECTIVE: To evaluate the association between UA, blood pressure (BP), anthropometric indices and metabolic variables in a non-hospitalized population stratified by UA quintiles. METHODS: A cross-sectional observational study evaluated 756 individuals (369 males), aged 50.3 ± 16.12 years, divided in UA quintiles. BP, body mass in (mais) dex (BMI), abdominal circumference (AC), UA, glucose, insulin, HOMA-IR, total cholesterol (TC), LDL-c, HDL-c, triglycerides (TG) and creatinine (C) levels were obtained. The estimated glomerular filtration rate (eGFR) was calculated and arterial hypertension (AH) was considered when BP > 140x90 mmHg, overweight/obesity (OW/O) was considered when BMI > 25 kg/m² and metabolic syndrome (MS) was established according to the I Brazilian Guideline of MS. RESULTS: 1) There was no difference between the groups regarding the distribution by sex and age range; 2) The highest UA quintiles presented higher mean age (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

100

Análise da freqüência cardíaca, pressão arterial e duplo-produto em diferentes posições corporais nos exercícios resistidos/ Analysis on the cardiac rate, blood pressure and doubled-product in different body positions in resisted exercises/ Análisis de la frecuencia cardíaca, presion arterial y doble-producto en diferentes posiciones corporales en los ejercícios resistidos

Miranda, Humberto; Simão, Roberto; Lemos, Adriana; Dantas, Bernardo Henrique Alexander; Baptista, Luiz Alberto; Novaes, Jefferson
2005-10-01

Resumo em português Atualmente, os exercícios resistidos (ER) vêm sofrendo uma série de investigações, devido à importância que atingiram no desenvolvimento do condicionamento cardiorrespiratório e neuromuscular. Para prescrição dos ER, algumas variáveis devem ser monitoradas, tais como freqüência cardíaca (FC) e a pressão arterial (PA). A associação entre FC e PA fornece dados para se obter o duplo produto (DP). Essas variáveis foram utilizadas para analisar e comparar as (mais) respostas hemodinâmicas do supino reto sentado (SRS) e o supino reto deitado (SRD), sendo realizadas 10 repetições a 65% de uma repetição máxima (1RM). A amostra foi constituída de 14 indivíduos (10 mulheres e quatro homens), idade 23 (± 4 anos), peso corporal 61 (± 7kg) e estatura 168cm (± 5cm). Como material de coleta foram utilizados freqüencímetro Polar MZ1 (Finlândia), esfigmomanômetro Vasquez-Lubry (Alemanha) e um estetoscópio Littman (EUA). Foi utilizado o teste t-Student pareado, para efeito de comparação entre os valores encontrados nas variáveis fisiológicas. A análise estatística teve como critério de significância p Resumo em espanhol Actualmente, los ejercícios resistidos (ER) vienen sufriendo una série de investigaciones, debido a la importancia que tengan en el desenvolvimiento del acondicionamiento cardiorespiratório y neuromuscular. Para la prescripción de los ER, algunas variables deben ser monitoreadas, tales como frecuencia cardíaca (FC) y la presión arterial (PA). La asociación entre la FC y PA provee los datos para obtener el doble producto (DP). Esas variables fueron utilizadas para a (mais) nalizar y comparar las respuestas hemodinámicas de supino sentado recto (SRS) y de supino acostado recto (SRD), siendo realizadas 10 repeticiones a 65% de una repetición máxima (1RM). La amuestra estaba constituída de 14 indivíduos (10 mujeres y 4 hombres), edad 23 (± 4 años), peso corporal 61 (± 7 kg) y estatura 168 cm (± 5 cm). Como material de coleta fueron utilizados frecuencímetro Polar MZ1 (Finlândia), esfigmomanómetro Vasquez-Lubry (Alemanha) e un estetoscópio Littman (EUA). Fué utilizado el test t-Student apareado, para efecto de comparación entre los valores encontrados en las variables fisiológicas. El análisis estatístico tuvo como critério de significancia p Resumo em inglês Presently, resisted exercises (RE) have suffered several investigations due to the importance they attained to the development of the cardiorespiratory and neuromuscular fitness. To prescribe the RE, some variables such as cardiac rate (CR), and blood pressure (BP) shall be monitored. The association between the CR and BP supply data to allow the obtainment of the doubled-product (DP). These two variables were used to analyze and compare the hemodynamic responses of the s (mais) traight seat supine (SRS) and straight slying supine (SRD) and ten repetitions at 65% of a maximum repetition (1 RM) were performed. The sampling was composed by 14 individuals (10 female and 4 male) with mean ages of 23 years (± 4 years), body weight of 61 kg (± 7 kg), and height of 168 cm (± 5 cm). As material to the collection, it was used a Polar MZ1 frequencymeter (Finland), a Vasquez-Lubry sphygmomanometer (Germany), and a Littman stethoscope (USA). It was used the coupled t-Student test to make a comparison between values found among physiological variables. The statistical analysis had as significance criterion p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)