Sample records for dacron
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 20 shown. Select sample records:



1

Biocompatibilidade de materiais empregados na confecção de próteses cardiovasculares: comparação entre pericárdio bovino e Dacron(R)/ The biocompatibility of cardiovascular graft materials: a comparison between bovine pericardial tissue and Dacron(R)

Pinto, Terezinha de J. A.; Saito, Takako; Glerean, Álvaro
1993-06-01

Resumo em português Durante os últimos 25 anos, numerosos estudos têm sido efetuados visando a biocompatibilidade de materiais de uso médico-hospitalar. Isto se deve ao desenvolvimento de materiais destinados às próteses particularmente na área cardiovascular, o que motivou pesquisas relativas à problemática da compatibilidade entre superfícies biológicas ou sintéticas e o sangue. O presente trabalho objetivou comparar a avaliação da biocompatibilidade do pericárdio bovino, um (mais) dos materiais mais empregados na fabricação de válvulas cardíacas protéticas, após tratamento com glutaraldeído e formaldeído, com o material sintético conhecido como "tricot" de Dacron(R). Tanto fragmentos de pericárdio submetidos a diferentes tratamentos, como os de Dacron(R) foram implantados subcutaneamente na região abdominal de ratos Wistar, por períodos de 1 a 3 meses. O exame de cortes histológicos obtidos por métodos convencionais evidenciou ausência de biocompatibilidade principalmente para o pericárdio tratado com formaldeído. Para o Dacron(R), foi constatado, comparativamente, uma perfeita biocompatibilidade. A cultura de células in vitro, com o uso de linhagens RC-IAL e Hela pelo método de revestimento com ágar, foi empregada exclusivamente para o material de origem biológica e evidenciou um grau intenso de toxicidade associado ao resíduo do agente de tratamento. Concluiu-se que existe a necessidade do aperfeiçoamento da técnica de lavagem da prótese biológica antes da implantação. Resumo em inglês During the past 25 years, numerous studies relating to medical device biocompatibility have appedared world-wide. Development of biomaterials for grafting cardiovascular applications has contributed to an increase in knowledge of the compatibility between synthetic or biological surfaces and blood. The biocompatibility of one of the materials most commonly used in the fabrication of xenograft heart valves, bovine pericardium, treated with glutaraldehyde and formaldehyde i (mais) s assessed comparison to a synthetic material, Dacron(R) tricot. An in vitro tissue culture assay, by the agar overlay method, using RC-IAL and Hela cell lines, was applied to treated pericardium and attested the intense toxicity of the treating agents. The subcutaneous grafting of treated pericardium and Dacron(R) was carried out in Wistar rats of 1 to 3 months of age. After the use of the usual histological methods, an evaluation of hematoxylin-eosin stained specimens demonstrated an absence of histocompatibility, mainly as regards for the formaldehyde treated pericardium. Comparatively, the evaluation of implanted Dacron(R) confirmed it's perfect biocompatibility. In conclusion, some improvement in xenograft heart valves is necessary, before the surgical implantation procedure takes place.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

Biocompatibilidade de materiais empregados na confecção de próteses cardiovasculares: comparação entre pericárdio bovino e Dacron(R)/ The biocompatibility of cardiovascular graft materials: a comparison between bovine pericardial tissue and Dacron(R)

Pinto, Terezinha de J. A.; Saito, Takako; Glerean, Álvaro
1993-06-01

Resumo em português Durante os últimos 25 anos, numerosos estudos têm sido efetuados visando a biocompatibilidade de materiais de uso médico-hospitalar. Isto se deve ao desenvolvimento de materiais destinados às próteses particularmente na área cardiovascular, o que motivou pesquisas relativas à problemática da compatibilidade entre superfícies biológicas ou sintéticas e o sangue. O presente trabalho objetivou comparar a avaliação da biocompatibilidade do pericárdio bovino, um (mais) dos materiais mais empregados na fabricação de válvulas cardíacas protéticas, após tratamento com glutaraldeído e formaldeído, com o material sintético conhecido como "tricot" de Dacron(R). Tanto fragmentos de pericárdio submetidos a diferentes tratamentos, como os de Dacron(R) foram implantados subcutaneamente na região abdominal de ratos Wistar, por períodos de 1 a 3 meses. O exame de cortes histológicos obtidos por métodos convencionais evidenciou ausência de biocompatibilidade principalmente para o pericárdio tratado com formaldeído. Para o Dacron(R), foi constatado, comparativamente, uma perfeita biocompatibilidade. A cultura de células in vitro, com o uso de linhagens RC-IAL e Hela pelo método de revestimento com ágar, foi empregada exclusivamente para o material de origem biológica e evidenciou um grau intenso de toxicidade associado ao resíduo do agente de tratamento. Concluiu-se que existe a necessidade do aperfeiçoamento da técnica de lavagem da prótese biológica antes da implantação. Resumo em inglês During the past 25 years, numerous studies relating to medical device biocompatibility have appedared world-wide. Development of biomaterials for grafting cardiovascular applications has contributed to an increase in knowledge of the compatibility between synthetic or biological surfaces and blood. The biocompatibility of one of the materials most commonly used in the fabrication of xenograft heart valves, bovine pericardium, treated with glutaraldehyde and formaldehyde i (mais) s assessed comparison to a synthetic material, Dacron(R) tricot. An in vitro tissue culture assay, by the agar overlay method, using RC-IAL and Hela cell lines, was applied to treated pericardium and attested the intense toxicity of the treating agents. The subcutaneous grafting of treated pericardium and Dacron(R) was carried out in Wistar rats of 1 to 3 months of age. After the use of the usual histological methods, an evaluation of hematoxylin-eosin stained specimens demonstrated an absence of histocompatibility, mainly as regards for the formaldehyde treated pericardium. Comparatively, the evaluation of implanted Dacron(R) confirmed it's perfect biocompatibility. In conclusion, some improvement in xenograft heart valves is necessary, before the surgical implantation procedure takes place.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

Uso de próteses na correção cirúrgica das hérnias hiatais/ Use of prostheses in surgical correction of hiatus hernia

Zilberstein, Bruno; Ferreira, Juliana Abbud; Carvalho, Marnay Helbo de; Bussons, Cely; Silveira-Filho, Arthur Sérgio; Joaquim, Henrique; Ramos, Fernando
2010-12-01

Resumo em português RACIONAL: Uma das principais complicações após a fundoplicatura laparoscópica é a migração do fundo gástrico para o tórax, com ou sem ruptura da válvula. Isso pode ocorrer como consequência de fechamento inadequado do hiato diafragmático, por ruptura das suturas realizadas ou por laceração das fibras musculares manipuladas. OBJETIVO: Estudar a utilização da tela de Prolene® ou de Dacron® para reforçar o fechamento do hiato diafragmático. MÉTODOS: Fora (mais) m operados 15 pacientes (6 homens e 9 mulheres) com idade média de 46 anos (22 a 78) tendo-se realizado operação laparoscópica anti-refluxo, utilizando-se tela Prolene® ou Dacron® para reforçar a crura hiatal. Os pacientes foram operados sob anestesia geral, por videolaparoscopia utilizando cinco trocárteres. RESULTADOS: O tempo médio de operação foi de 120 minutos. Não ocorreu nenhum óbito. O tempo pós-operatório médio foi de 3,5 dias. Os pacientes retornaram à suas atividades habituais em torno do 10º dia do pós-operatório. O tempo médio de seguimento foi de cinco anos. Em apenas dois pacientes, nos quais foram utilizadas em um a tela de Dacron® e em outro Prolene®, ocorreu migração da tela para o lúmen esofágico ocasionando disfagia. CONCLUSÃO: Utilizar tela nas hiatoplastias videolaparoscópicas é boa alternativa para o fechamento dos defeitos diafragmáticos nas grandes hérnias hiatais, na correção da esofagite de refluxo associada ao esôfago de Barrett, ou em caso de recorrência da hérnia hiatal ou esofagite após correção cirúrgica prévia. Resumo em inglês BACKGROUND: A major complication after laparoscopic fundoplication is migration of the fundic wrap into the chest, with or without rupture of the valve. This can occur as a result of inadequate closure of the diaphragmatic hiatus, by rupture of sutures or carried by laceration of the muscle fibers manipulated. AIM: To verify the efficiency of the use of Dacron® or Prolene® mesh in the reinforcement of the diaphragmatic hiatus. METHODS: Fifteen patients were operated wit (mais) h mean age of 46 years using laparoscopic antireflux surgery, with Prolene® or Dacron® mesh reinforcement of the hiatal crura. The patients were operated under general anesthesia by laparoscopy using five trocars. The average time of surgery was 120 minutes. No deaths occurred. The mean postoperative time was 3.5 days. Patients returned to normal activities around the 10th postoperative day. The mean follow-up was five years. In only two patients, in which were used in a Dacron® mesh, and in another Prolene®, there was migration of the mesh to the esophageal lumen causing dysphagia. CONCLUSION: The mesh use in laparoscopic hiatoplasties is good alternative to close the diaphragmatic defect in large hiatal hernias, correction of reflux esophagitis associated with Barrett's esophagus or hiatal hernia/esophagitis recurrence after surgical correction.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

4

Tratamento cirúrgico da coarctação do arco aórtico em adulto: avaliação clínica e angiográfica tardia da técnica extra-anatômica/ Surgical repair of the aortic arch coarctation in adults: long-term clinical and angiographic evaluation of the extra-anatomic aortic bypass technique

LISBOA, Luiz Augusto F.; ABREU FILHO, Carlos Alberto C.; DALLAN, Luís Alberto O.; ROCHITTE, Carlos E.; SOUZA, Januário M. de; OLIVEIRA, Sérgio Almeida de
2001-09-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar os resultados tardios da técnica extra-anatômica para correção da coarctação do arco aórtico em adultos. CASUÍSTICA E MÉTODOS: Entre 1979 e 2000, 15 pacientes foram submetidos à interposição de tubo de Dacron entre a aorta ascendente e descendente para correção da coarctação do arco aórtico. Onze (73,3%) pacientes eram do sexo masculino e a média de idade foi de 30,8 ± 12,1 anos (18 a 61 anos). A esternotomia mediana, com abordagem do (mais) pericárdio posterior, foi utilizada em 13 (86,7%) pacientes e a toracotomia lateral esquerda em 2 (13,3%). Em 3 (20,0%) pacientes foram realizados procedimentos associados e 4 (26,7%) eram reoperações. Os pacientes foram acompanhados por um período de 30 dias a 21 anos (média de 6,9 ± 6,7 anos) com avaliação clínica, ecocardiográfica e estudo angiográfico com ressonância magnética. RESULTADOS: Não ocorreram complicações neurológicas e nem mortalidade imediata ou tardia. Não houve necessidade de reoperações e nem complicações tardias com o enxerto. Todos os pacientes encontram-se assintomáticos e com o enxerto pérvio confirmado pelo ecocardiograma. Cinco (33,3%) pacientes apresentam hipertensão arterial sistêmica de grau leve. Em 11 (73,3%) pacientes foi realizado o estudo angiográfico com ressonância magnética, mostrando enxerto com bom funcionamento a longo prazo. CONCLUSÃO: A técnica extra-anatômica, com interposição de tubo de Dacron entre a aorta ascendente e descendente, para correção da coarctação do arco aórtico é uma operação segura, com baixa morbidade e mortalidade. Os bons resultados a longo prazo mostram que esta técnica pode ser uma alternativa segura e menos invasiva, para a correção de coarctação do arco aórtico ou recoarctação em adultos. Resumo em inglês OBJECTIVE: We analyzed late results of extra-anatomic aortic bypass technique with Dacron graft from the ascending aorta to the descending aorta for repair of aortic arch coarctation in adults. MATERIAL AND METHODS: From 1979 to 2000, a total of 15 adult patients, aged 18 years to 61 years (mean 30.8 ± 12.1 years) underwent extra-anatomic bypass graft for surgical repair of aortic arch coarctation. Operative exposure was median sternotomy with posterior pericardial appro (mais) ach in 13 (86.7%) patients and left thoracotomy in 2 (13.3%). Associated procedures were performed in 3 (20.0%) patient and there were 4 (26.7%) reoperations. The patients had clinical evaluation, echocardiographic and angiographic studies, the latter with magnetic resonance post-operative. Follow-up was 6.9 ± 6.7 years (range 30 days to 21 years). RESULTS: There was neither early or late mortality nor neurologic complications. There was no late complications with the Dacron graft neither reoperations. All patients were asymptomatic with patent Dacron graft confirmed by echocardiography. Five (33.3%) patients had mild hypertension. The magnetic resonance was done in 11 (73.3%) patients and the Dacron graft were long-term patent in all. CONCLUSIONS: The extra-anatomic bypass aortic technique with Dacron graft from the ascending aorta to the descending aorta for repair of aortic arch coarctation in adults is a safe operation with low morbidity and mortality. The good long-term results proved to be safe and less invasive technique to repair the aortic arch coarctation or recoarctation in adults.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

5

Aneurisma de aorta com ruptura para esôfago/ Aortic aneurysm rupture into the esophagus

Barcellos, Christiano da Silveira de; Azambuja, Paulo Ceratti de; Momolli, Marcelo Kunh; Rigoni, Clóvis Manfredini; Lopes, Marcelo; Biavatti, Henrique; Franceschi, Wagnes; Fortes, Claudio Borges
2008-12-01

Resumo em português Apresentamos o caso de uma paciente portadora de aneurisma de aorta descendente com ruptura para o esôfago que, após aortoplastia com interposição de tubo de dacron e rafia da laceração esofágica, evoluiu com fístula esôfago pleural no terceiro dia pós-operatório. A paciente necessitou de reintervenção e cuidados intensivos, reabilitando-se adequadamente. A propósito deste caso incomum e do aprendizado adquirido no seu manejo, revisamos a literatura a fim de (mais) discutir a melhor alternativa de correção desta rara e, freqüentemente, fatal forma de apresentação das doenças da aorta. Resumo em inglês We present the case of a patient with a descending aorta aneurysm rupture into the esophagus, which, after aortoplasty with Dacron tube interposition and suture of esophageal laceration, developed a pleural-esophagus fistula on the 3rd postoperative day. She needed re-intervention and intensive care, followed by adequate recovery. Considering this unusual case and the knowledge acquired through its management, we reviewed the literature in order to discuss the best alternative for the correction of this rare and often fatal form of presentation of aortic diseases.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

6

Pseudo-aneurisma em tubo valvulado de pericárdio bovino corrugado após reconstrução da aorta ascendente: relato de caso/ False aneurysm of crimped bovine pericardial conduit after reconstruction of the ascending aorta: case report

STOLF, Noedir A. G.; BRANDÃO, Carlos M. A.; FABER, Cristiano N.; PÊGO- FERNANDES, Paulo M.; COSTA, Roberto; JATENE, Adib D.
1999-10-01

Resumo em português Os autores descrevem o caso de paciente que, 9 anos após a correção cirúrgica de um aneurisma de aorta ascendente com tubo valvulado de pericárdio bovino corrugado, evoluiu com a formação de um pseudo-aneurisma de aorta localizado, posteriormente, sobre a linha de sutura do tubo de pericárdio bovino. Foi realizada substituição do tubo de pericárdio bovino por tubo de Dacron valvulado (com prótese mecânica) e reimplante dos óstios coronários utilizando-se a (mais) técnica de hemi-Cabrol. O tempo de seguimento pós-operatório do paciente é de 12 meses, permanecendo assintomático. Resumo em inglês The authors describe the case of a patient who had an aneurysm of the ascending aorta repaired with biologic valved crimped bovine pericardial conduit. Nine years after the surgery he presented a false aneurysm of the ascending aorta, located posteriorly on the suture line of the pericardial tube. The patient was reoperated and the pericardial tube was replaced by a valved Dacron composite graft using the hemi- Cabrol technique for the reimplantation of the coronary ostia. At 12 months follow-up the patient remains free of symptoms.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

7

Utilização de endoprótese auto expansível ("stent") posicionada na aorta torácica do cão

PAULA, Ivan Antônio Machado de; PALMA, José Honório; BRANCO, João Nelson R.; GOLDENBERG, Saul; MARCELINO, Márcia; GEISTHOVEL, Nikolaus; BUFFOLO, Ênio
1997-07-01

Resumo em português Este trabalho tem como objetivo a análise histológica de segmentos de aorta de cães submetidos ao implante de endopróteses ("stents" recobertos com Dacron). Para este fim, abordamos a aorta abdominal infra-renal por laparotomia paramediana esquerda. Após a heparinização, introduzimos neste segmento de aorta o cateter contendo o "stent" até a aorta torácica, onde procedemos à sua expansão. Todos os cães sobreviveram e foram sacrificados com 30, 60, 90 e 180 dia (mais) s. A análise histológica demonstrou a perfeita integração da prótese com a parede da aorta e formação de uma neoíntima recobrindo a gaiola metálica. Acreditamos que a utilização dos "stents" deva contribuir para melhorar os resultados da correção cirúrgica das doenças da aorta. Resumo em inglês We present 5 dogs who underwent treatment with an auto-expandable Dacron-covered stent in the thoracic aorta. The catheter with stents was deployed through the abdominal aorta. The procedure was performed under total anesthesia and full heparinization. A perfect integration of the stent and thoracic aorta was observed on histological examination. We believe that utilization is an improvement in relation to the "elephant trunk" technique and that it should contribute to improve surgical results in type B dissection.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

8

Citologia anal como método de rastreamento para a detecção precoce do câncer anal: esfregaços com algodão hidrófilo são mesmo insatisfatórios?/ Anal cytology as a screening method for early detection of anal cancer: are hydrophilic cotton smears really unsatisfactory?

Silva, Ivan Tramujas da Costa e; Gimenez, Felicidad Santos; Guimarães, Ricardo Alexandre Gonçalves; Camelo, Romildo Torres; Melo, Manoel Nilzomar Damasceno; Barros, Flávio Silveira de; Daumas, Adriana; Cabral, Celso Rômulo Barbosa; Guimarães, Erica Liberato
2005-02-01

Resumo em português OBJETIVO: Testar se swabs de algodão hidrófilo são capazes de produzir esfregaços de secreção anal que permitam leituras citológicas satisfatórias ao Pap-a em comparação a métodos tradicionais de coleta. MÉTODOS: 318 pacientes sofreram coleta de material anal para a realização do Pap-a. 180 deles realizaram a captura de células anais com material sorteado (escova citológica, swab de poliéster ou cotonete de algodão). Foram comparados entre si os materiai (mais) s usados para a coleta de secreção anal segundo a capacidade de produção de leitura citológica satisfatória. RESULTADOS: Não houve diferença estatística entre o algodão hidrófilo, o poliéster e a escova na capacidade de produzir leituras citológicas satisfatórias (p>0,05). CONCLUSÃO: No material estudado, o algodão hidrófilo foi tão bom quanto o poliéster ou a escova citológica na produção de leituras citológicas adequadas no Pap-a. Resumo em inglês PURPOSE: To test the ability of analpaps performed with cotton swab smears to produce satisfactory cytologic readings as compared to traditional sampling materials. METHODS: 318 consecutive patients were examined at the Ambulatório Araújo Lima of Hospital Universitário Getúlio Vargas in the Anal Cancer Prevention Week and were sampled for the performance of analpap. 180 of these patients were randomly sorted to be sampled by either one of the following materials: cyto (mais) logic brush, dacron swab or cotton swab. The ability of cotton in producing satisfactory anal cytologic readings as compared to dacron and cytologic brush was analised. RESULTS: There was no statistical difference among the materials employed in the ability to produce satisfactory citological readings in analpaps. (p>0.05) CONCLUSION: Our results showed that cotton swabs were as efficient as dacron swabs or cytologic brushes in the ability to produce satisfactory analpap readings.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

9

Lesão contusa de artéria ilíaca comum esquerda por cinto de segurança/ Blunt injury to the left common iliac artery caused by seat belt

Souza, Fábio Mesquita de; Chagas, Wagner Rodrigues; Velloso, Luis Roberto; Ribas, Jonas Marques
2005-09-01

Resumo em português Os autores relatam um caso de paciente de 17 anos, vítima de acidente automobilístico com impacto frontal, que apresentava, ao socorro médico, dor abdominal intensa e tatuagem transversa, em região infra-umbilical, causada pelo cinto de segurança. Foi submetida a laparotomia exploradora, que evidenciou pequena lesão lacerante de jejuno terminal, não sendo encontradas outras lesões à inspeção. Ao término da cirurgia, verificou-se cianose moderada em região pla (mais) ntar esquerda, com ausência de pulsos tibiais e poplíteos. O pulso da artéria femoral encontrava-se diminuído. A arteriografia realizada mostrou obstrução do fluxo em artéria ilíaca comum esquerda. A reconstrução foi realizada com interposição de prótese de Dacron de 6 mm. Resumo em inglês The authors report a case of a 17-year-old female patient involved in a head-on motor vehicle collision. The patient presented to the emergency department complaining of severe abdominal pain. She also had a transverse bruise in the inferior anterior abdominal wall, suggesting a seat-belt sign. The patient underwent an exploratory laparotomy, which showed a small distal jejunal perforation. Other lesions were not found at inspection. At the end of the operation, moderate (mais) cyanosis of the plantar aspect of the left foot was observed, and popliteal and distal pulses were absent. The intensity of the femoral pulse was decreased. An arteriography revealed obstruction of the left common iliac artery. Repair was successfully achieved with a 6-mm Dacron graft interposition.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

10

Artéria axilar na instalação de circulação extracorpórea: indicações e resultados/ Axillary artery in cardiopulmonary bypass: indications and results

Atik, Fernando A; Faber, Cristiano N; Corso, Ricardo B; Santos, Mateus de Souza; Michelette, Karina Pereira; Barros, Maria Regina; Caneo, Luiz Fernando
2009-09-01

Resumo em português OBJETIVO: Estudar as indicações e os resultados da artéria axilar na instalação de circulação extracorpórea. MÉTODOS: Entre janeiro de 2005 e dezembro de 2008, a artéria axilar foi utilizada em 48 pacientes submetidos a cirurgia cardiovascular. A idade média foi 62 ± 11 anos e 33 (69%) pacientes eram do sexo masculino. A artéria axilar foi abordada por incisão infraclavicular e a cânula introduzida no tubo de Dacron de 8 milímetros suturado nos bordos da a (mais) rtéria. RESULTADOS: As indicações foram calcificação da aorta (N=18, 38%), dissecção da aorta (N=15, 31%), aneurisma da aorta ascendente e/ou arco aórtico (N=11, 23%) e prévio a reesternotomia (N=4, 8%). A presença de calcificação da aorta levou mais frequentemente à mudança de tática intra-operatória do que as outras indicações (100% versus 10%, P Resumo em inglês OBJECTIVES: To determine indications and results of axillary artery cannulation for cardiopulmonary bypass. METHODS: From January 2005 through December 2008, axillary artery cannulation was used in 48 patients. Mean age was 62 ± 11 years and 33 (69%) patients were males. Axillary artery was approached by infraclavicular incision and the cannula introduced in a 8 millimeter Dacron side graft. RESULTS: Indications were calcified aorta (N=18, 38%), aortic dissection (N=15, (mais) 31%), ascending and/or aortic arch aneurysm (N=11, 23%) and prior to reoperative median sternotomy (N=4, 8%). Changes in intraoperative planning occurred most often in patients with calcified aorta (100% versus 10%, P

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

11

Manejo cirúrgico de doença oclusiva aorto-ilíaca na presença de rim em ferradura: relato de um caso/ Operative management of aortoiliac occlusive disease in presence of horseshoe kidney: report of a case

Tezval, Hossein; Mirzaie, Masoud; Schmitto, Jan; Schöndube, Friedrich
2005-09-01

Resumo em português Neste trabalho é apresentado um caso de coexistência de aterosclerose aorto-ilíaca com rim em ferradura, em um homem com 57 anos de idade. O diagnóstico desta combinação rara foi feito pouco antes da cirurgia, com a angio-ressonância magnética constituindo o método diagnóstico pré-operatório mais importante para o planejamento cirúrgico. A abordagem transabdominal proporciona uma exposição excelente da aorta abdominal em pacientes com rim em ferradura, sem (mais) risco de lesão das artérias renais acessórias ou de ureter em posição anômala. A reconstrução foi feita com a implantação de uma prótese de Dacron em Y em posição aorto-bifemoral e, por causa da lesão aterosclerótica difusa e na presença do rim em ferradura, foi optado por anastomose proximal término-lateral. Resumo em inglês Coexistence of aortoiliac arteriosclerosis with horseshoe kidney in a 57-year-old man is presented. Diagnosis of this unusual combination was made shortly before surgery. Magnetic resonance angiography is the most important preoperative diagnostic tool for surgical planning. A transabdominal approach provides excellent exposure of the abdominal aorta in patients with a horseshoe kidney without risk of injury to renal accessory arteries or to a ureter in an anomalous posit (mais) ion. Implantation of an aorto-bifemoral Y prosthesis was made using a Dacron bifurcation. By diffuse atherosclerotic lesion and in presence of horseshoe kidney, an end-to-side proximal anastomosis of the aorta was carried out.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

12

Fístula aortobroncopulmonar em pós-operatório tardio de coarctação da aorta/ Aortobronchopulmonary fistula in the postoperative period of aortic coarctation/ Fístula aortobroncopulmonar en postoperatorio tardío de coartación de aorta

Coelho Júnior, Antônio Fernando; Araújo Filho, Antônio Amorim de; Leitão, João Paulo de Vasconcelos; Cabral Júnior, Francisco
2009-04-01

Resumo em português JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Em pacientes com hemoptise e história de cirurgia aórtica, a possibilidade de fístula aortobroncopulmonar deve sempre ser considerada. O objetivo deste estudo foi relatar um caso raro de hemoptise por fístula aortobroncopulmonar em pós-operatório tardio de cirurgia aórtica. RELATO DE CASO: Mulher, 34 anos, correção cirúrgica de coarctação de aorta na infância, apresentando hemoptise maciça. Ecocardiograma evidenciou pseudoaneurisma (mais) . Foi realizada a cirurgia e implantado tubo de dacron no segmento aórtico envolvido com sucesso. CONCLUSÕES: Fístula aortobroncopulmonar deve ser lembrada em pacientes com cirurgia aórtica prévia, principalmente pela elevada morbimortalidade se não diagnosticada e tratada precocemente. Resumo em espanhol JUSTIFICATIVA: En pacientes con hemoptisis e historia de cirugía aórtica, la posibilidad de fístula aortobroncopulmonar siempre debe tenerse en cuenta. OBJETIVOS: Relatar un caso raro de hemoptisis por fístula aortobroncopulmonar en postoperatorio tardío de cirugía aórtica. INFORME DE CASO: Mujer, 34 años, corrección quirúrgica de coartación de la aorta en la infancia, presentando hemoptisis masiva. Ecocardiograma mostró evidencias de seudoaneurisma. Se realiz (mais) ó la cirugía, implantándose con éxito un tubo de dacron en el segmento aórtico involucrado. CONCLUSIONES: La fístula aortobroncopulmonar debe ser considerada en pacientes con cirugía aórtica previa, principalmente por la elevada morbimortalidad cuando no es diagnosticada y tratada precozmente. Resumo em inglês BACKGROUND AND OBJECTIVES: In patients with hemoptysis and a history of aortic surgery, the possibility of aortobronchopulmonary fistula must always be considered. The objective of this study was to report a rare case of hemoptysis due to aortobronchopulmonary fistula in the late postoperative period of aortic surgery. CASE REPORT: Female patient, 34 years, surgical correction of aortic coarctation, presenting massive hemoptysis. The echocardiogram disclosed a pseudoaneur (mais) ysm. The surgical correction was performed and a Dacron tube graft was implanted in the affected aortic segment successfully. CONCLUSIONS: Aortobronchopulmonary fistulas must be considered in patients with previous aortic surgery, due to the elevated morbimortality if they are not promptly diagnosed and treated.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

13

Erosão de corpo de vértebra lombar devido à aneurisma de aorta abdominal/ Erosion of lombar vertebral body due to abdominal aortic aneurysm

Feitosa, Eliane Alencar do Nascimento; Alves, Remy Faria; Dias, Rodrigo Simões Lemos; Silva, Rossi Murilo da
1999-10-01

Resumo em português No presente trabalho é relatado um caso de paciente portador de erosão de vértebra lombar (L4) consequente a um aneurisma de aorta abdominal infrarenal, tratado no Hospital Municipal Souza Aguiar – Rio de Janeiro e é feita uma revisão da literatura. O paciente é do sexo masculino, 51 anos, funcionário público com queixas de dores lombares há ± 4 anos e uma tumoração pulsátil abdominal. Após o exame clínico foi realizado uma tomog (mais) rafia computadorizada (TC) abdominal a qual evidenciou uma aorta abdominal tortuosa com dilatação aneurismática de 8,5 cm, calcificações parietais difusas e trombos murais, com luz de ± 3,0 cm e erosão do corpo vertebral de L4. O tratamento consistiu de uma Aneurismectomia da Aorta Abdominal infrarenal com interposição de enxerto de Dacron (Uni-graft®) tubular 24 mm. A evolução pós-operatória foi satisfatória. Resumo em inglês In this case report there is a patient with erosion of the fourth lumbar (L4) vertebra due to an infrarenal abdominal aorta aneurysm, which was treated at the Souza Aguiar Municipal Hospital - Rio de Janeiro. The patient is a 51-year-old male, who has had back pain for about four years and a pulsating abdominal tumor. After the clinical examination, an abdominal computed tomography (CT) scan was carried out which showed a tortuous abdominal aorta with an infrarenal dilati (mais) on of 8.5 cm in diameter and 3.0 cm of lumen. The CT scan also showed erosion of the fourth lumbar vertebra. The treatment consisted of aneurysmectomy of the abdominal aorta whith interposition of a tubular prosthetic graft (Dacron Uni-Graft® 24 mm). There were no complications in the postoperative follow-up.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

14

Utilização de endoprótese expansível ("stent") introduzida através da artéria femoral para tratamento da dissecção da aorta descendente

PALMA, José Honório; ALMEIDA, Dirceu de; CARVALHO, Antônio Carlos; GEISTHÖVEL, Nikolaus; GOMES, Walter José; SOUZA, José Augusto Marcondes; BUFFOLO, Ênio
1997-10-01

Resumo em português Este trabalho tem como objetivo a apresentação do caso de uma paciente submetida à correção da dissecção da aorta descendente utilizando "stent" recoberto com Dacron introduzido através da artéria femoral na sala de hemodinâmica. Para este fim, a paciente foi submetida a sedação, anestesia local de ambas regiões inguinais e heparinização sistêmica. O cateter contendo o "stent" foi introduzido através da artéria femoral comum esquerda previamente dissecad (mais) a até a aorta descendente no seu terço médio. A expansão do "stent" foi realizada no local onde existia a lesão da íntima diagnosticada previamente por arteriografia, com oclusão imediata da falsa luz. O tempo do procedimento foi de 1h30 min. A alta hospitalar ocorreu, sem complicações, 48 horas após o procedimento. Acreditamos que este procedimento poderá proporcionar uma melhora substancial nos resultados do tratamento das dissecções da aorta descendente. Resumo em inglês We present a case of dissection of the thoracic descending aorta that underwent treatment with an auto-expandable Dacron - covered stent. The stent was deployed through the femoral artery in the hemodynamic laboratory after sedation, local anesthesia in both inguinal areas and systemic heparinization. The catheter with the stent was introduced through a cutdown in the left femoral artery till the area in the thoracic aorta with a previously diagnosed tear in it. The stent (mais) was expanded with immediate occlusion of the false lumen: the whole procedure took ninety minutes and the patient was discharged, without complication, 48 hours later. We believe that stent utilization is an important step to contribute to improve treatment results in type B dissection.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

15

Tratamento de linfocele inguinal pós-operatória com injeção de cola de fibrina: relato de caso/ Treatment of postoperative inguinal lymphocele with fibrin glue injection: case report

Boaventura, Priscila Nunes; Sobreira, Marcone Lima; Yoshida, Winston Bonetti; Rollo, Hamilton Almeida
2007-06-01

Resumo em português O paciente desenvolveu linforragia na região inguinal direita, depois de ponte aorto-bifemoral com enxerto de dácron®. Não respondeu ao tratamento conservador com cuidados locais e compressão. Foi realizado exame de ultra-sonografia Doppler, que evidenciou grande linfocele (6,4 x 3,36 x 6,1 cm), tratada pelo esvaziamento da loja por aspiração e injeção de cola de fibrina (1,6 mL) em seu interior. O paciente se recuperou sem intercorrências e sem recidiva, após 3 meses de seguimento. Resumo em inglês The patient developed lymphatic drainage in the right groin after an aortobifemoral bypass with Dacron® graft. Conservative treatment with local wound care and compression was unsuccessful. Duplex scan showed a 6.4 x 3.36 x 6.1 cm lymphocele, which was treated by aspiration and injection of fibrin glue (1.6 mL). The patient recovered uneventfully and without recurrence after a 3-month follow-up.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

16

Infecção de prótese vascular em cirurgia da aorta torácica: revisão da experiência e relato de caso tratado por técnica não convencional/ Vascular prosthesis infection in thoracic aorta surgery: review of the experience and a case report illustrating treatment with an unconventional technique

Fontes, Ronaldo Ducceschi; Stolf, Noedir Antônio Groppo; Marino, Júlio Cesar; Pamplona, David; Ávila, Luis Francisco; Oliveira, Sérgio Almeida
2004-03-01

Resumo em português Relatamos o caso de uma paciente de 37 anos de idade, que há cinco anos havia sido submetida à operação de Bental-de Bono em nosso serviço e retornou com dor de forte intensidade no toráx, sendo diagnosticada dissecção aguda de aorta do tipo III e tratada clinicamente. Um ano após esse episódio houve expansão dessa dissecção e a paciente foi submetida à cirurgia com interposição de prótese de dacron em aorta descendente. No pós-operatório imediato houve (mais) broncopneumonia esquerda e a paciente recebeu alta em boas condições e afebril. Após um mês da alta, retornou com febre e toxemia. Com diagnóstico de empiema pleural, foi submetida à toracotomia exploradora que não confirmou esse diagnóstico, havendo apenas intenso espessamento pleural. Quatro meses após a toracotomia exploradora, foram isolados Klebsiella pneumoniae e Enterobacter sp na hemocultura. A ressonância magnética revelou imagens compatíveis com infecção peri-prótese. Com esse quadro clínico e laboratorial foi indicada a remoção do enxerto e derivação axilo-bifemoral. A operação foi realizada com sucesso, a paciente recebeu alta em boas condições e continua fazendo controle ambulatorial e, atualmente, encontra-se com 57 meses de evolução sem complicações. São discutidos os métodos empregados para o diagnóstico e tratamento da infecção de prótese na cirurgia da aorta torácica. Resumo em inglês We report the case of a 37-year-old-female patient who had undergone a Bentall procedure at our service and returned with intense chest pain and acute aortic dissection type III, which was diagnosed and clinically treated. One year after this episode, this dissection expanded, and the patient underwent surgery with interposition of a Dacron graft in the descending aorta. In the immediate postoperative period, the patient experienced left bronchopneumonia and was discharge (mais) d afebrile and in good condition. One month after discharge, she returned with fever and toxemia. Pleural empyema was diagnosed, and she underwent an exploratory thoracotomy that did not confirm this diagnosis, but revealed intense effusion thickening. Four months after the exploratory thoracotomy, Klebsiella pneumoniae and Enterobacter sp were isolated in a blood culture. Magnetic resonance imaging revealed shapes compatible with perigraft infection. With this clinical and laboratory picture, graft removal was indicated as was axillo-bifemoral grafting. Surgery was successfully performed, the patient was discharged in good condition, and remains well after a 57-month follow-up without complications. The methods used for diagnosis and treatment of prosthesis infection in thoracic aorta surgery are discussed.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

17

Manuseio da dissecção aórtica envolvendo artéria coronária direita

PÊGO-FERNANDES, Paulo M.; STOLF, Noedir A. G.; HERVOSO, Cristina M.; SILVA, João M.; ARTEAGA, Edmundo; JATENE, Adib D.
1998-04-01

Resumo em português É conhecido o fato de que a dissecção aórtica pode envolver as artérias coronárias, Entretanto, somente alguns artigos fazem referência ao tratamento cirúrgico dessa afecção. Apresentamos o seguimento de 11 pacientes acometidos por dissecção da aorta ascendente envolvendo a artéria coronária direita e que se submeteram à operação em nossa Instituição - Instituto do Coração do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paul (mais) o. Em 2 pacientes o óstio coronariano esquerdo também foi afetado. Em 7 pacientes a dissecção foi aguda e, em 4, crônica. A aorta ascendente foi substituída por enxerto tubular de Dacron em todos os pacientes; ponte de veia safena para a coronária direita ou enxerto de gore-tex para o óstio coronariano ou artéria coronária direita foi realizado em 9 pacientes e reimplante de ambas as coronárias dissecadas em 2. Houve 3 (27,3%) mortes no pós-operatório recente, devido a síndrome de baixo débito e infarto do miocárdio. Dois pacientes acometidos por síndrome de Marfan faleceram no 14º mês de pós-operatório por doença hepática, e outro devido a rotura da aorta descendente no 39º mês. Os 6 pacientes restantes foram acompanhados por um período que variou de 78 a 96 meses (média de 83 meses). Tal experiência sugere que, apesar de significar alto risco, o envolvimento do óstio coronariano direito na dissecção de aorta é um acontecimento que pode ser manejado com sucesso através de alguns procedimentos cirúrgicos, quando realizados antes do surgimento de complicações irreversíveis. Resumo em inglês It is well known that aortic dissection may involve coronary arteries. However, only a few reports deal with surgical management of this problem. We present the report of the follow-up of 11 patients who suffered from ascending aortic dissection involving the right coronary artery and underwent surgical treatment at our Institution - InCor, Hospital das Clínicas, University of São Paulo Medical Center. The left coronary ostia was also affected in two patients. In seven (mais) patients the dissection was acute and at four, chronic. The ascending aorta was substituted by a Dacron tubular graft in all patients. Right coronary artery saphenous vein bypass or gore-tex graft to the coronary ostia or right coronary artery was performed in nine patients and reimplantation of both dissected coronaries in two. There were three early postoperative deaths (27.3%) due to low-output syndrome and myocardial infarction. One patient suffering from Marfan's Syndrome died during the fourteenth postoperative month due to hepathyc disease. Another Marfan's patient died from descending aorta rupture during the thirty-nineth month. The six surviving patients were followed from 78 to 96 months (mean 83 months). This experience suggests that although carrying high risk, involvement of the right coronary ostia in aortic dissection is an onset that can be successfully managed by some surgical procedures if done before irreversible complications arise.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

18

Degradabilidade ruminal de alimentos em vacas secas e lactantes, recebendo 70% ou 50% de MS das rações como volumosos/ Ruminal degradability in dry and lactating cows, with 70% or 50% of roughage as dry matter diets

LUCCI, Carlos de Sousa; MELOTTI, Laércio; KODAIRA, Vanessa; CASTRO, Ari Luiz de; RODRIGUES, Paulo Henrique Mazza
1998-01-01

Resumo em português Oito novilhas holandesas, quatro secas e quatro em lactação, receberam os seguintes tratamentos, visando medir degradabilidade ruminal dos alimentos, farelo de soja, farelo de arroz, feno coast cross e cana-de-açúcar, pelo processo de sacos de nàilon in situ: A - 70% de volumosos; vacas secas; B - 70% de volumosos; vacas em lactação; C - 50% de volumosos, vacas secas e D - 50% de volumosos, vacas em lactação. O delineamento foi em blocos ao acaso e os tratamentos (mais) foram aplicados em quatro períodos consecutivos. Vacas secas degradaram melhor farelo de soja, feno coast cross e cana-de-açúcar que as em lactação. As fêmeas lactantes consumiram 40% mais matéria seca que as não- lactantes e apresentaram maior turn-over do líquido ruminal. Os alimentos feno de coast cross e cana-de-açúcar foram melhor degradados nas dietas com 70% de volumosos em relação às com 50%. Resumo em inglês Four dry and four lactating Holstein heifers, received the following treatments to evaluate rumen degradabilities of soybean meal, rice meal, coast cross hay and sugar cane, through a dacron bag in situ technique: A = 70% roughage diet; dry cows; B = 70% roughage diet, lactating cows; C = 50% roughage diet, dry cows and D = 50% roughage diet, lactating cows. A randomized block design was used and the treatments had four repetitions in different times. Dry cows presented a (mais) higher degradability rate for soybean meal, coast cross hay and sugar cane than lactating females. Lactating cows consumed 40% more dry matter than the dry ones and presented higher rumen liquid turn-over. Coast cross hay and sugar cane were better digested with 70% roughage diets, than with the 50% roughage diets.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

19

Proposição de técnica endocavitária para remodelamento ventricular esquerdo

NESRALLA, Ivo A.; SANT'ANNA, João Ricardo M.; PRATES, Paulo R.; TEIXEIRA FILHO, Guaracy F.; WENDER, Orlando; COSTA, Altamiro R.; SANTOS, Marisa S.; PEREIRA, Edemar M.; LARA, Raul F.; SANTOS, Ari Tadeu
1997-04-01

Resumo em português O remodelamento do coração mediante ventriculectomia parcial esquerda é uma proposição atual para o tratamento cirúrgico paliativo de pacientes com miocardiopatia dilatada e sem critérios de transplante cardíaco. Este procedimento acarreta morbi-mortalidade imediata elevada, por resultar em áreas de isquemia ou necrose miocárdica e pelo risco de arritmias. Nosso objetivo é apresentar uma técnica de remodelamento ventricular endocavitário, caracterizada pela m (mais) anutenção da arquitetura anatomofuncional do coração por não incorrer em ressecção ventricular. A técnica foi utilizada em circulação extracorpórea e com o coração preservado por cardioplegia sangüínea hipotérmica. Após atriotomia esquerda, a cúspide anterior da valva mitral foi removida e um enxerto triangular de pericárdio bovino (medindo aproximadamente 2x6x6 cm) suturado no endocárdio ventricular por pontos de Polipropileno 3-0 ancorados em feltro de Dacron. As bordas ao longo do enxerto foram fixadas em duas linhas imaginárias que se estendiam da ponta do ventrículo esquerdo ao anel valvar mitral, passando uma delas pela metade do septo interventricular e outra junto à inserção do músculo papilar posterior mitral. A aproximação destas linhas configurou uma plicadura interna e posterior na cavidade ventricular esquerda, que teve seu diâmetro reduzido. As estruturas musculares e a circulação coronária foram preservadas. A base do triângulo foi fixada ao anel mitral mediante os pontos utilizados para implante da bioprótese mitral, necessário devido à remoção da cúspide anterior da valva. Oito pacientes com miocardiopatia dilatada, excluídos do programa de transplante cardíaco, foram submetidos à técnica proposta, no período de outubro a dezembro de 1996. Dois pacientes eram do sexo feminino e 6 masculinos e sua idade variava entre 24 e 58 anos. Cinco pacientes mostraram regurgitação mitral. Todos os doentes estavam hospitalizados por insuficiência cardíaca congestiva quando da indicação cirúrgica e classificados em classe funcional IV (New York Heart Association). Ocorreram dois óbitos na presente série: um no pós-operatório imediato e outro no 3º mês, por razões não relacionadas à presente técnica. A tabela abaixo indica as modificações determinadas pela operação em parâmetros da função ventricular esquerda, avaliada por ecocardiografia transesofágica. Parâmetro Pré-Operatório Pós-Operatório (30d) Significância Débito cardíaco (l/min) 2,6 ± 0,4 3,8 ± 0,7 P Resumo em inglês Left ventricular remodeling by partial ventriculectomy is a recent proposition for palliation in dilated cardiomyopathy when cardiac transplantation is contraindicated. This procedure carries a high morbimortality due to myocardial ischemia, necrosis and arrhythmias. This paper presents a technique for endocavitary left ventricular remodeling which maintains the hearts morpho-functional architecture without myocardial resection. Under extracorporeal circulation and hypoth (mais) ermic cardioplegia, a left atriotomy is done, the anterior mitral leaflet removed and a triangular shaped bovine pericardial graft (aproximately 2 x 6 x 6 cm) is implanted inside the left ventricular cavity with 3-0 Polipropilene anclosed in Dacron felt. The graft is sutured in a divergent way from the apex to the mitral ring, at the middle of the septum and at the posterior papillary muscle. This produces an internal plication with ventricular cavity reduction. Myocardium and coronary circulation are preserved. The base of the triangular graft is sutured to the mitral annulus and the mitral bioprosthesis is implanted. The procedure was employed in 8 patients with dilated cardiomyopathy, not candidates to transplantation, 2 females and 6 males, ranging from 24 to 58 years. Five had mitral regurgitation. All were in hospital, at class IV (NYHA). Mortality was 25% (2 cases): 1 in the hospital and 1 at 3 months p.o. The table shows the echocardiographic parameters for LV function: Pré-operative Post-operative Cardiac output (L/min) 2,6 ± 0,4 3,8 ± 0,7 p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

20

Tratamento cirúrgico da insuficiência aórtica nos aneurismas e dissecções da aorta ascendente pela técnica de Tirone David

PEREIRA, Wagner M; FROTA FILHO, José Dario; NOGUEIRA, Aldemir; SANTOS, Carlos S; DUNCH, Andréa; VALLENAS, Mário; JUNG, Luís A; LUCCHESE, Fernando A
1997-01-01

Resumo em português Aneurismas da aorta ascendente (AAA) e dissecções agudas da aorta (DAA) são defeitos que cursam com insuficiência valvar aórtica (IAo) na maioria dos pacientes, geralmente causada por vários mecanismos. Em 30% a 50% dos casos, os folhetos aórticos são morfologicamente normais, possibilitando a reconstrução através do reimplante da valva e das artérias coronárias em um tubo corrugado de Dacron e pericárdio bovino. Descrita por Tirone David, esta técnica evit (mais) a a prótese valvular e, provavelmente, nos casos de AAA, corrige definitivamente os mecanismos envolvidos. No período de novembro de 1994 a dezembro de 1995 operamos 11 pacientes, que foram assim divididos: Grupo I: DAA, 5 pacientes, todos com o Tipo 1 de DeBakey, sendo 4 agudos e 1 crônico; Grupo II: AAA, 6 pacientes, a maioria com idade acima de 50 anos. No Grupo I empregamos hipotermia profunda, parada circulatória total e perfusão cerebral retrógrada. No Grupo II usamos hipotermia moderada a 28oC. Em ambos a proteção miocárdica foi realizada através de infusão anterógrada intermitente e isotérmica de solução cardioplégica sangüínea associada a solução salina gelada no pericárdio. Dois (18,2%) pacientes faleceram na fase hospitalar e 1 (9%) tardiamente, todos do Grupo I, e 8 vêm sendo acompanhados, com tempo máximo de 13 meses de seguimento. Todos os pacientes sobreviventes (9/11) foram submetidos a estudo ecocardiográfico antes da alta e nenhum apresentou disfunção valvar aórtica. Em dezembro de 1995, todos que sobreviviam (8/11) foram reavaliados por ecocardiografia e os resultados são mostrados neste trabalho. Concluímos que o reimplante da valva aórtica descrito por David é um método efetivo de tratamento da IAo associada aos AAA e DAA. Mesmo sendo pequeno o número de pacientes e o seguimento desta série, acreditamos que a tentativa de evitar o implante de próteses valvulares é encorajadora para ambos, cirurgião e paciente, em um seleto número de casos. Resumo em inglês Aneurysms of the root and ascending aorta (AAA) and acute aortic dissections (AAD) are usually associated with valvular aortic insufficiency (VAI) in a large number of patients, caused by a variety of machanisms. In 30% to 50% of these cases the aortic leaflets are morphologically normal and can be spared using the technique of reconstruction of the root and ascending aorta plus the reimplantation of the aortic valve and the coronary arteries in a composite Dacron and bov (mais) ine pericardium tubular graft. This technique, described and proposed by Tirone David, avoids valve replacement and, in some cases of AAA, may definitely correct the mechanisms involved in the disease. From November 1994 to December 1995, 11 patients were operated upon this technique and divided in two main groups: Group I - AAD, 5 patients, all with Type I DeBakey, 4 with acute and 1 with chronic dissection; Group II - AAA, 6 patients, the majority being over 50 years old. The surgical technique, concerning the Group I, included profound hypothermia (all cases), total circulatory arrest and retrograde cerebral perfusion, (3 cases). In Group II we used moderate hypothermia at 28°C. In both groups the myocardial protection was performed with intermittent antegrade isothermic blood cardioplegia delivered each 10 minutes, associated with iced saline into the pericardium. There were two operative deaths (18.2%) and one late death (9%), all from the Group I, and 9 were discharged from hospital (81.8%) with a maximum follow-up period of 13 months. All patients (9/11) had colour ecodopplercardiographic evaluation before discharge and none of them had aortic valvular dysfunction. The Eco studies were repeated for all surviving patients (8/11) in December 1995, and the results are shown in this paper. We conclude that the aortic valve-sparing operation described by Tirone David is a very reliable and effective method of treatment of the VAI associated with AAA and AAD. Although the number of patients is small and the follow-up period is short in this series, we believe that the efforts to avoid valve replacement in these patients is encouraging for both, the surgeon and the patient, in carefully selected cases.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

21

Influência da freqüência de coitos vaginais e da prática de duchas higiênicas sobre o equilíbrio da microbiota vaginal/ Influence of frequency of vaginal intercourses and the use of doushing on vaginal microbiota

Giraldo, Paulo César; Amaral, Rose Luce Gomes do; Gonçalves, Ana Katherine; Vicentini, Regina; Martins, Carlos Henrique; Giraldo, Helena; Fachini, Ana Maria
2005-05-01

Resumo em português OBJETIVO: verificar se alta freqüência de coitos vaginais e o uso de duchas higiênicas interferem com a microbiota vaginal. MÉTODOS: noventa e sete mulheres atendidas em centro de saúde localizado em zona de prostituição na cidade de Campinas foram avaliadas em estudo prospectivo de corte transversal. A anamnese determinou as freqüências de coitos vaginais e do uso de duchas higiênicas nas 44 profissionais do sexo e nas 53 não-profissionais do sexo estudadas. O (mais) conteúdo vaginal foi coletado com swab estéril de Dacron, da parede vaginal direita, e disposto em duas lâminas de vidro. A microbiota vaginal foi estudada em microscopia óptica com lente de imersão em esfregaço corado pela técnica de Gram. Os dados foram analisados pelo teste exato de Fisher. As mulheres profissionais e não profissionais do sexo apresentaram, respectivamente, média de idade de 24,9 (± 6,4) e 31,5 (± 9,7) anos, hábito de fumar em 52,2 e 24,5%, prática do uso de lubrificantes vaginais em 56,8 e 0% e prática de uso de condom em 100 e 41,5% dos casos respectivamente. RESULTADOS: apenas 1,8% das mulheres do grupo controle tinham sete ou mais relações sexuais por semana, em evidente contraste com as profissionais do sexo (97,7%). Não houve diferenças significativas quanto à raça, escolaridade e paridade. A vaginose bacteriana e a flora vaginal anormal foram mais observadas nas profissionais do sexo do que no grupo controle (p=0,02 e 0,001) e associou-se à alta freqüência (sete ou mais vezes) de coitos vaginais semanais (p=0,04 e 0,001). O diagnóstico de vaginose citolítica foi mais freqüente nas mulheres não-profissionais do sexo (p=0,04) e com menor freqüência de relações sexuais (p=0,04). O uso de duchas higiênicas foi mais comum nas profissionais do sexo (p=0,002). Entretanto, esta prática não esteve associada aos distúrbios da microbiota vaginal e nem à presença de vulvovagintes. CONCLUSÕES: profissionais do sexo com sete ou mais relações sexuais semanais apresentaram maior freqüência de vaginose bacteriana e alterações da flora vaginal. O hábito de duchas vaginais não interferiu com o ecossistema vaginal das mulheres estudadas. Resumo em inglês PURPOSE: to verify if the high frequency of vaginal intercourses and the use of doushing interferes with vaginal microbiota. METHODS: ninety-seven women were examined at a health center located in the prostitution area of the city of Campinas, and evaluated in a prospective cross-sectional study. Anamnesis determined the frequency of vaginal intercourse and the use of douching in the 44 sex professionals and 53 non-professionals studied. The vaginal content was collected (mais) with a sterile Dacron swab, from the right vaginal wall, and placed on to two glass laminas. The vaginal microbiota smear stained by the Gram technique was studied with light microcopy using immersion lens and the data were analyzed. The sex professionals and non-professionals presented mean age of 24.9±6.4 and 31.5±9.7, habit of smoking in 52.2 and 24.5%, the use of vaginal lubricants in 56.8 and 0%, and the use of condoms in 100 and 41.5% of the cases, respectively. RESULTS: only 1.8% of the women in the control group had seven or more sexual intercourses per week, contrasting evidently with the sex professionals (97.7%). There were no significant differences regarding race, educational level and number of pregnancies. Bacterial vaginosis and abnormal vaginal flora were more observed in sex professionals (p=0.02 and 0.001) and were associated with the high frequency (seven times or more) of weekly vaginal intercourses (p=0.04 and 0.001). Cytolytic vaginosis was more related to non-professionals (p=0.04) and to a lower frequency of sexual intercourses (p=0.04). The use of doushing was more common in the sex professionals (p=0.002). However, this practice was not associated either with the vaginal microbiota problems or with the presence of vulvovaginitis. CONCLUSIONS: sex professionals with seven or more sexual intercourses per week presented a higher frequency of bacterial vaginosis and abnormal vaginal flora. The doushing habit did not interfere with the vaginal environment ecosystem of the studied women.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

22

Substituição parcial do pericárdio de cães por membrana de látex natural/ Partial replacement of dog pericardium with a natural latex membrane

SADER, Soraya Lopes; COUTINHO NETTO, Joaquim; BARBIERI NETO, José; MAZZETTO, Sebastião Assis; ALVES JR., Paulo; VANNI, José Carlos; SADER, Albert Amim
2000-12-01

Resumo em português FUNDAMENTO: São numerosas as vantagens de se fechar a cavidade pericárdica após as operações cardíacas e pneumonectomias intrapericárdicas. OBJETIVO: Estudar o comportamento da membrana de látex natural como substituto parcial do pericárdio. MATERIAL E MÉTODOS: Em 16 cães, divididos em 3 grupos, ressecou-se um retalho elíptico da porção ântero-lateral esquerda do pericárdio (7 cm x 5 cm): Grupo A (n=4) - o retalho removido foi reimplantado imediatamente; G (mais) rupo B (n=8) - o retalho foi substituído por outro, de látex natural, com área equivalente e espessura de 0,3 mm; Grupo C (n=4) - retalho de látex de 0,7 mm de espessura. Em todos os animais, fixou-se o retalho com sutura contínua de fio de polipropileno 5-0 ou 6-0. No último grupo, foram dados 4 pontos adicionais, em U, ancorados em barras de dacron. Realizaram-se eletrocardiogramas (ECG) e leucogramas no pré e no pós-operatório, bem como estudo macro e microscópio post-mortem. RESULTADOS: Grupo A - auto-enxerto íntegro, macro e microscopicamente, fortemente aderido ao pulmão e frouxamente aderido ao epicárdio; Grupo B - deiscência parcial da sutura em 1 e total em 2 animais. A membrana de látex não aderiu nem ao pulmão nem ao epicárdio. Em 3 (37,5%) animais houve regeneração total e distinta do pericárdio subjacente ao látex, microscopicamente idêntico ao pericárdio nativo. Grupo C - suturas íntegras. Em 3 (75%) animais observou-se regeneração pericárdica total e distinta. Nos demais animais dos Grupos B e C, e epicárdio subjacente ao látex apresentava-se ligeiramente espessado, permitindo visibilizar os vasos coronários com facilidade. Microscopicamente, identificaram-se algumas áreas com denso infiltrado linfo-plasmocitário, proliferação fibroblástica e vascular; em outras, os fibroblastos circunscreviam fendas com revestimento mesotelial, indicativas de regeneração irregular do pericárdio. Não se observou infecção local nem alteração do leucograma e ao ECG, apenas inversão da onda T, em todos os grupos. CONCLUSÃO: A membrana de látex natural mostrou-se adequada para a substituição parcial do pericárdio de cães, em observação de até 345 dias, propiciando a regeneração do pericárdio nativo. Resumo em inglês BACKGROUND: There are numerous advantages in closing the pericardial cavity after heart surgery and intrapericardial pneumonectomies. OBJECTIVE: To study the behavior of a natural latex membrane as a partial pericardium substitute. MATERIAL AND METHODS: Sixteen dogs divided into 3 groups were submitted to resection of an elliptical flap of the left anterolateral portion of the pericardium (7 x 5 cm): Group A (n=4) - the removed flap was immediately reimplanted; Group B (n (mais) =8) - the flap was replaced with a 0.3 mm thick natural latex membrane of equivalent area; Group C (n=4) - the latex flap was 0.7 mm thick. In all animals the flap was fixed with continuous 5-0 or 6-0 polypropylene sutures. In group C, 4 additional U-shaped stitches anchored with dacron pledgets were applied. All animals were submitted to ECG and to white cell counts during the preoperative period as well as to macro- and microscopic post mortem study. RESULTS: Group A - the self-graft was macro and microscopically intact, strongly adhering to the lung and loosely adhering to the epicardium; Group B - total suture dehiscence occurred in 1 animal and partial dehiscence in 2. The latex membrane did not adhere to the lung or to the epicardium. In 3 animals (37.5%) there was full regeneration of the pericardium underlying the natural latex, microscopically identical to the native pericardium. Group C - the sutures were intact and total pericardium regeneration was observed in 3 animals (75%). In the remaining animals of Groups B and C, the epicardium underlying the latex was slightly thickened, permitting easy visualization of the coronary vessels. Some areas with dense lymphocytes and plasma cells infiltrates, fibroblast and vascular proliferation were microscopically identified in its thickness; in some other areas the fibroblasts surrounded slits with mesothelial lining indicating irregular pericardium regeneration. No local infection or changes in white cell counts were observed and the ECG only showed T wave inversion in all groups. CONCLUSION: The natural latex membrane proved to be adequate for partial pericardium replacement in dogs kept under observation for up to 345 days, favoring regeneration of the native pericardium.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

23

Resultados a médio prazo do tratamento cirúrgico da dissecção aguda de aorta tipo A com o emprego da prótese intraluminal/ Surgical treatment of type a aortic dissection using intraluminal prosthesis medium term follow up

OLIVEIRA, Jefferson Francisco de; REIS FILHO, Fernando Antônio Roquette; LIMA, Luiz Cláudio Moreira; MONTEIRO, Ernesto Lentz da Silveira; MARTINS, Sandro Adauto; FARIA, Pedro Evandro Alvim de; PENA, Geraldo Rezende; BARROS NETO, Wanderbilt Duarte de; GUIMARÃES, Rodrigo Gil; MATAR, Luciano; PIRES, Charles Silva; BERNARDES, Rodrigo de Castro
2001-06-01

Resumo em português Introdução: O conceito de prótese intraluminal foi introduzido por CARREL, em 1912. Em 1978, DUREAU & ABLASA descreveram os primeiros casos de dissecção aguda de aorta tratados com o emprego da prótese intraluminal. Esta prótese foi utilizada nos anos 80 por vários grupos com bons resultados. Vários relatos de complicações (migração, embolias, estenoses, formação de pseudo-aneurismas) fizeram com que os grupos cirúrgicos perdessem o entusiasmo por esta té (mais) cnica. Objetivo: Avaliar a anastomose empregando a prótese intraluminal sem sutura no tratamento da dissecção aguda de aorta tipo A. Casuística e Métodos: Sessenta e quatro pacientes com diagnóstico de dissecção aguda de aorta do tipo A foram operados em nosso Serviço. Em todos os casos empregamos o anel intraluminal como técnica de sutura. A idade média dos pacientes era de 56,3 anos, sendo 57 (89%) do sexo masculino. Todos os pacientes eram portadores de hipertensão arterial sistêmica. Em 26 pacientes utilizamos somente a anastomose intraluminal, com o anel proximal acima dos óstios coronários de modo a ressuspender a valva aórtica e o anel distal posicionado junto à origem do tronco braquiocefálico. O tempo médio de pinçamento da aorta nestes pacientes foi de 9 minutos e o tempo médio de CEC de 26 minutos. Somente em 1 caso houve rotura da ligadura sobre o anel proximal, quando realizamos uma operação radical (Bentall- DeBonno), mantendo o anel distal. Em 23 pacientes utilizamos a ressuspensão da valva aórtica e o preparo da raiz da aorta com duplo retalho de Dacron, empregando o anel intraluminal na anastomose distal. Abordamos o arco aórtico em 8 pacientes. A troca da valva aórtica foi necessária em apenas 6 pacientes. A mortalidade global foi de 10,3%, sendo que nos pacientes onde foi possível o tratamento com o duplo anel não houve nenhum óbito. Na avaliação pós-operatória destes pacientes foi realizado ecocardiograma e aortografia. Não observamos formação de pseudo-aneurisma, migração e o gradiente máximo encontrado foi de 16 mmHg. Conclusão: O emprego da prótese intraluminal para o tratamento da dissecção aguda de aorta do tipo A nos proporciona uma anastomose rápida, segura e hem2ostática. Na avaliação pós-operatória e a médio prazo não observamos qualquer complicação relacionada ao emprego desta técnica. Resumo em inglês Introduction: The concept of intraluminal prosthesis was introduced by CARREL, in 1912. In 1978, DUREAU & ABLASA described the first case of type A acute aortic dissection treated with intraluminal prosthesis. This prosthesis was used in the eighties by several groups with good results. Several reports of complications (migration, embolism, stenosis, pseudoaneurysms formation) made the surgical groups lose the enthusiasm with that technique. Objective: To evaluate the sut (mais) ureless anastomosis using the intraluminal prosthesis in the treatment of type A acute aortic dissection. Material and Methods: During the period from July/1996 to November/1999, 64 patients with the diagnosis of type A acute aortic dissection were operated in our Service. In all the cases we used the intraluminal ring as the technique of suture. The average of age was of 56.3 years, and 89% of the patients were males. All the patients had systemic hypertension. In 26 patients we used only the intraluminal anastomosis. The proximal ring was placed above the coronary ostium and the distal ring was positioned close to the origin of the inominate artery. The aorta cross clamping time in these patients was 9 minutes, and the extracorporeal circulation average of time was 26 minutes. Only in 1 case there was a rupture of the ligature on the proximal ring, when we accomplished a radical surgery (Bentall-DeBonno), maintaining the distal ring. In 23 patients we did the aortoplasty and used a double patch of Dacron to prepare the aortic root, using the intraluminal ring in the distal anastomosis. We operated on the aortic arch of 8 patients (without total circulatory arrest, due to selective perfusion of the right subclavian artery). The replacement of the aortic valve was necessary in just 6 patients. The global mortality was of 10.3% and there was no death among the patients which it was possible the treatment with the double ring. As the postoperative evaluation of these patients the echocardiography and the aortography were made. We did not observe pseudoaneurysm formation or migration and the maximum gradient was of 16 mmHg. Conclusion: The employment of the intraluminal prosthesis in the treatment of the type A acute aortic dissection, provides us fast, safe and haemostatic anastomosis, reducing the mortality. In a medium term follow-up we found no complication related to the employment of the intraluminal ring.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

24

Diagnóstico e tratamento de aneurisma da artéria isquiática persistente: relato de caso e revisão da literatura/ Diagnosis and treatment of persistent sciatic artery aneurysm: case report and review of the literature

Nunes, Marco Antonio Prado; Ribeiro, Roberto Maurício Ferreira; Aragão, José Aderval; Reis, Francisco Prado; Feitosa, Vera Lúcia Correa
2008-03-01

Resumo em português A persistência da artéria isquiática é uma variação anatômica rara cujo curso clínico é potencialmente grave, pois o diagnóstico ocorre quando já estão presentes complicações clínicas. Essas complicações advêm do fato de a parede da artéria isquiática ter uma tendência à degeneração ateromatosa com formação aneurismática, podendo evoluir para uma oclusão ou para um tromboembolismo. Este artigo relata o caso de um paciente do sexo feminino, com (mais) queixas de dor intensa secundária a compressão extrínseca do nervo isquiático pela dilatação aneurismática no membro inferior direito e pulsatilidade na nádega ipsilateral, apresentando uma massa hiperpulsátil nessa localização. Foi realizado exame angiográfico, que revelou persistência da artéria isquiática à direita, do tipo completo e com aneurisma. A paciente foi submetida a procedimento cirúrgico, sendo utilizada uma abordagem transglútea, e uma prótese de dácron terminoterminal foi interposta entre os colos proximal e distal do aneurisma. Os aspectos técnicos e revisão da literatura sobre o diagnóstico e a terapêutica dessa variação anatômica são discutidos neste trabalho. Resumo em inglês Persistent sciatic artery is a rare anatomical variation whose clinical course is potentially serious, since diagnosis is performed when clinical complications are already present. Such complications are a consequence of the fact that sciatic artery walls have a tendency to atherosclerotic degeneration with aneurysmal formation and may evolve to occlusive thrombosis or to thromboembolism. This article reports the case of a female patient with complaint of intense pain sec (mais) ondary to extrinsic compression of the sciatic nerve by aneurysmal dilatation of the right lower member and hyperpulsatile ipsilateral buttock. Angiographic examination was carried through, showing complete persistent sciatic artery to the right lower member with an aneurysm. The patient was submitted to a surgical procedure using a transgluteal approach and a termino-terminal Dacron graft was interposed between the proximal and distal necks of the aneurysm. The technical aspects and review of literature on diagnosis and therapeutic approach of this anatomical variation are discussed in this work.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

25

Curva de aprendizado em cirurgia aórtica videolaparoscópica: estudo experimental em porcos/ Laparoscopic aortic surgery learning curve: experimental study in pigs

Yoshida, Ricardo de Alvarenga; Yoshida, Winston Bonetti; Rollo, Hamilton de Almeida; Kolvenbach, Ralf; Lorena, Sílvia Elaine Rodolfo de Sá
2008-09-01

Resumo em português CONTEXTO: A cirurgia videolaparoscópica (CVL) vem evoluindo como alternativa cirúrgica menos invasiva para o tratamento da doença aterosclerótica oclusiva aorto-ilíaca e do aneurisma da aorta abdominal. Poucos estudos avaliaram objetivamente a curva de aprendizado com essa técnica em cirurgia vascular. OBJETIVO: Avaliar objetivamente os tempos e a evolução de cada passo cirúrgico e demonstrar a exeqüibilidade dessa técnica. MÉTODOS: Entre outubro 2007 e janeir (mais) o de 2008, dois cirurgiões vasculares iniciantes na CVL operaram, após cursos e treinamentos, seis porcos consecutivos, com dissecção aórtica e interposição de um enxerto de dácron em um segmento da aorta infra-renal abdominal, com técnica totalmente laparoscópica. RESULTADOS: Todos os tempos cirúrgicos foram decrescentes ao longo do estudo, apresentando redução de 45,9% no tempo total de cirurgia, 85,8% no tempo de dissecção da aorta, 81,2% na exposição da aorta, 55,1% no clampeamento total, 71% na confecção da anastomose proximal e 64,9% na anastomose distal. CONCLUSÃO: O presente estudo mostrou que os resultados técnicos satisfatórios da CVL vascular ocorreram somente após longa curva de aprendizado, que foi decrescente ao longo do tempo, à medida que aumentou a experiência e vivência com os materiais e com a visão não-estereoscópica. Essa técnica pode ser realizada com perfeição por cirurgiões vasculares desde que façam cursos especializados, com treinamento em simuladores e animais, e desde que busquem constante aprimoramento a fim de conseguir resultados similares aos obtidos com a cirurgia convencional. Resumo em inglês BACKGROUND: Laparoscopic aortic surgery (LAS) is evolving as a minimal invasive alternative technique for the treatment of abdominal aortic aneurysms and peripheral aortoiliac arterial disease. Few articles have objectively evaluated the technique learning curve in vascular surgery. OBJECTIVE: The aim of the present experimental study was to demonstrate surgical feasibility and evaluate each surgical step of LAS. METHODS: Between October 2007 and January 2008, two beginni (mais) ng surgeons attended laparoscopic courses and operated on six consecutive pigs with a total laparoscopic retroperitoneal aortic dissection and interposition of a Dacron tube graft in the infrarenal aortic segment. Both anastomoses were performed under total laparoscopic technique. RESULTS: All surgical time curves decreased along time: 45.9% in total surgical time, 85.8% in dissection time, 81.2% in aortic exposure, 55.1% in total cross-clamping, 71% in proximal anastomosis and 64.9% in distal anastomosis. CONCLUSION:This experimental study showed that satisfactory results with LAS were only reached after a long learning curve. However, this learning curve decreased along time, as experience with the technique, materials and non-stereoscopic vision improved. Vascular surgeons should attend practical courses and should have training opportunities in simulators and animals to achieve results similar to those of conventional surgery.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

26

Resultados tardios das reconstruções arteriais dos membros inferiores com a utilização de veias portadoras de dilatações varicosas revestidas seletivamente com segmentos protéticos/ Infrainguinal arterial bypasses using dilated varicose veins selectively wrapped with prosthetic segments - late results

Mellière, Didier; Albuquerque, Maria Claudia de; Desgranges, Pascal; Allaire, Eric; Becquemin, Jean Pierre
2005-01-01

Resumo em português OBJETIVO: Responder as seguintes questões: 1) o revestimento protético deve ser precedido de uma redução da ectasia? 2) as zonas revestidas apresentam um risco de hiperplasia ou estenose? 3) as zonas não revestidas possuem um risco de dilatação e ruptura? MÉTODOS: Doze pacientes (10 homens e duas mulheres), com idades entre 33 e 77 anos (idade mediana = 68), foram submetidos a pontes em conseqüência de arterite (n = 7), aneurisma poplíteo (n = 4) ou ruptura de (mais) prótese (n = 1). As pontes foram fêmoro-poplíteas (n = 8), fêmoro-infra poplíteas (n = 3) e poplíteo-poplítea (n = 1). A safena utilizada foi de forma reversa em nove casos e ex situ devalvuladas em três casos. Os revestimentos foram aplicados em número de um (n = 2), dois (n = 3), três (n = 6) e quatro (n = 1). Todos, exceto um, foram de PTFE. RESULTADOS: Duas pontes ocluíram, uma precocemente por déficit de leito distal e outra 4 anos após a operação. As outras 10 pontes permaneceram pérvias durante o acompanhamento, que variou entre 1 e 11 anos (mediana = 4 anos). Metade dos casos apresentou uma deterioração progressiva do leito distal. No último controle, duas pontes permaneceram pérvias, a despeito de um leito distal desértico. CONCLUSÃO: Os resultados desta série apresentam-se notadamente superiores aos das pontes protéicas descritas na literatura. O revestimento é efetuado facilmente com uma prótese curta de PTFE de parede fina. É inútil reduzir as dilatações antes do revestimento por sutura ou ressecção - anastomose. As zonas situadas sobre a bainha de PTFE não evoluem para estenoses. As zonas intermediárias dilatam-se por vezes moderadamente e sem risco de ruptura. Resumo em inglês OBJECTIVE: To answer the following questions: 1) is it necessary to excise and suture the dilatations before wrapping? 2) are the wrapped segments at risk of hyperplasia or stenosis? 3) are the non-wrapped areas at risk of dilatation and rupture? METHODS: Infrainguinal revascularization was performed in 12 patients (10 males, two females), aged 33-77 years (mean age = 68). Surgical indication was arteritis (n = 7), popliteal aneurysm (n = 4), or rupture of a Dacron graft (mais) (n = 1). Location of the bypass was femoro-popliteal (n = 8), femoro-infrapopliteal (n = 3) or popliteo-popliteal (n = 1). Position of the vein was ex situ, either reversed (n = 9) or non-reversed devalvulated (n = 3). The number of dilatations reinforced with a graft were one (n = 2), two (n = 3), three (n = 6) and four (n = 1). All reinforcements except one were made with PTFE grafts. RESULTS: Two vein bypasses occluded, one early due to distal bed deficit and the other one 4 years after the surgery. The other 10 grafts remained patent during the follow-up, which ranged from 1 to 11 years (mean = 4 years). Half of the patients demonstrated some degree of progressive deterioration of the distal bed. At the last control, two patients had a patent bypass in spite of a deserted run-off. CONCLUSION: The results of this series show that long-term patency of the wrapped vein-bypasses look far better than those of prosthetic-grafts in this location described in the literature. The wrapping can be easily performed with a short thin wall PTFE graft. It is useless to reduce the dilatations before the wrapping by suture or resection - anastomosis. Wrapped segments will not develop hyperplastic stenosis. Unwrapped segments may enlarge moderately without a risk of rupture.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

27

Operação de Senning com a utilização de tecidos do próprio paciente/ Senning operation with autologous tissue for atrial septum augmentation or pulmonary venous pathway enlargement

CANÊO, Luiz Fernando; LOURENÇO FILHO, Domingos D.; ROCHA E SILVA, Roberto; FRANCHI, Sonia M.; AFIUNE, Jorge Y.; AFIUNE, Cristina M. Camargo; MOCELIN, Amilcar O.; BARBERO-MARCIAL, Miguel; JATENE, Fabio B.
1999-10-01

Resumo em português O grande atrativo da Operação de Senning como descrita originalmente é a utilização das paredes do próprio átrio do paciente para a realização dos túneis venosos. A atrioseptostomia por balão, utilizada atualmente na grande maioria dos casos de transposição das grandes artérias (TGA), cria grandes comunicações interatriais. Com isso, é necessário a utilização de enxertos biológicos ou sintéticos (Dacron, Teflon e pericárdio bovino) na septação do (mais) átrio esquerdo. Doze crianças consecutivas, com idades de 5 meses a 4 anos (média = 20 meses), foram submetidas à Operação de Senning com a utilização de tecidos do próprio paciente. O diagnóstico era de TGA em 9, TGA com comunicação interventricular (CIV) em 1, TGA com estenose pulmonar valvar discreta em 1, TGA com justaposição das aurículas em 1 caso e todas as crianças foram submetidas à atrioseptostomia com balão no período neonatal. Em 5 casos foi utilizada a aurícula esquerda aberta e invertida para a septação interatrial, 1 com inversão e, em 5, inversão com abertura da aurícula esquerda e uso do próprio pericárdio in situ para a realização do túnel das veias pulmonares, devido às reduzidas dimensões do átrio direito (1 caso de justaposição das aurículas). O tempo de internação variou de 10 a 24 dias (média 15 dias), sendo que o período de pós-operatório variou de 7 a 22 dias (média 12 dias). Não houve óbitos no período de internação hospitalar. O seguimento no pós-operatório foi de 8 a 34 meses (média 23 meses) e todos os pacientes apresentaram boa evolução clínica. O ecocardiograma realizado no período de internação e no seguimento pós-operatório não evidenciou sinais de obstrução ao fluxo nos túneis intracardíacos. O uso de tecidos do próprio paciente in situ, com potencial possibilidade de crescimento, resgata a vantagem principal da técnica originalmente descrita por Senning. Resumo em inglês One of the main theoretical advantages of the original Senning Operation is the ability to avoid either biologic or synthetic patches for atrial septum augmentation or to enlarge pulmonary venous pathways. To accomplish this we have performed the Senning procedure with some modifications that allow the operation to be completed without the use of heterologous tissue. Twelve children, aged 5 months to 4 years (mean age: 20 months) with transposition of great arteries who h (mais) ad previous balloon atrial septostomy were submitted to the Senning procedure. The following associated lesions were diagnosed: ventricular septal defect in 1 patient, valvular pulmonary stenosis in 1 and auricular juxtaposition in 1. The modified technique used for atrial septum augmentation was the use of open inverted left auricula in 5 cases, inverted auricula in 2 and in situ autologous pericardium for venous pathway enlargement in 5. The hospitalization was 10 to 24 days (mean = 15 days) and the post-operative period was 7 to 22 days (mean = 12 days). There were no in-hospital or late deaths during a mean follow-up period of 23 months (range 8 to 34 months). All patients had a good clinical outcome and their follow-up echocardiographic examinations showed no evidence of venous pathway obstruction. This modified Senning Operation can be performed without either biologic or synthetic patches for atrial septum augmentation or to enlarge pulmonary venous pathway. The use of autologous in situ tissues with potential for growth, retains the main theoretical advantage of the original technique.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

28

Utilização de endoprótese auto-expansível (Stent) introduzida através da artéria femoral para tratamento de dissecção da aorta descendente/ Utilization of self-expandable prosthesis (Stent) introduced through the femoral artery for treatment of dissection of the descending aorta

Fonseca, José Honório Palma da; Buffolo, Enio; Carvalho, Antonio Carlos; Geisthovel, Nikolaus; Almeida, Dirceu Rodrigues; Souza, José Augusto Marcondes de; Machado, Ivan Paula; Alves, Cláudia Maria Rodrigues
1998-06-01

Resumo em português OBJETIVO: Apresentar a correção de dissecção da aorta descendente, utilizando stent recoberto com dácron® introduzido através da artéria femoral na sala de hemodinâmica. MÉTODOS: Quatro pacientes foram submetidos à sedação, anestesia local de ambas regiões inguinais e a heparinização sistêmica, com cateter contendo o stent introduzido, através da artéria femoral comum, previamente dissecada, até a aorta descendente no seu terço médio. RESULTADOS: A e (mais) xpansão do stent foi realizada no local onde existia a lesão da íntima, diagnosticada por arteriografia e ecocardiograma. A oclusão da falsa luz foi imediata. O tempo do procedimento foi em média de 1h e 30min. A alta hospitalar ocorreu sem complicações. CONCLUSÃO: Este procedimento poderá proporcionar uma melhora substancial nos resultados do tratamento das dissecções da aorta descendente. Resumo em inglês PURPOSE: We present four cases of dissection of the thoracic descending aorta that underwent treatment with an auto expandable dácron®-covered stent. METHODS: The stent was deployed through the femoral artery in the hemodinamic laboratory after sedation, local anesthesia in both inguinal areas and systemic heparinization. The catheter with the stent was introduced through a cutdown in the left femoral artery until the area in the thoracic aorta with the previously diagn (mais) osed tear. RESULTS: The stent was expanded with immediate occlusion of the false lumen. The whole proccedure took 90 minutes and the patients were discharged without complications. CONCLUSION: Stent utilization is an important step to improve treatment results in type B aortic dissection.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)