Sample records for cyclosporine
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 20 shown. Select sample records:



1

Ciclosporina A e tacrolimus: uma revisão/ Cyclosporine A and tacrolimus: a review

Garcia, Solange Cristina; Lopes, Luciana dos Santos; Schott, Karen Lilian; Beck, Sandra Trevisan; Pomblum, Valdeci Juarez
2004-12-01

Resumo em português INTRODUÇÃO: Monitorização terapêutica de imunossupressores ciclosporina A (CsA) e tacrolimus (FK506) é indispensável para manter níveis estáveis das drogas, evitando para o transplantado a perda do enxerto, no caso de baixas doses, ou a toxicidade, em altas doses, permitindo ajustes individuais. HISTÓRICO: Na década de 80, foi introduzida a utilização dos potentes imunossupressores CsA e FK506, revolucionando o transplante de órgãos com a diminuição da re (mais) jeição. MECANISMO DE AÇÃO: A CsA e o FK506 são inibidores da transcrição do primeiro sinal para ativação dos linfócitos T, apresentando estruturas químicas diferentes, mas mecanismos semelhantes. TOXICIDADE: Os principais efeitos relacionados à dose da CsA e do FK506 são a nefro e a neurotoxicidade. Estudos apontam o FK506 como droga alternativa à utilização da CsA porque aquele demonstrou menor nefrotoxicidade e uma reversibilidade dos efeitos neurotóxicos diante da redução da dose. METODOLOGIA ANALÍTICA: Na monitorização de rotina para a CsA, os imunoensaios, radioimunoensaio (RIA) e imunoensaio monoclonal com fluorescência polarizada (FPIAm) ocuparam o lugar da cromatografia líquida de alta eficiência (CLAE), detecção ultravioleta (UV). O método de referência para o FK506 é a CLAE com detecção por espectrometria de massa (LC/MS). Porém, metodologias como ensaio imunoenzimático de micropartículas (MEIA) ou enzyme linked imunosorbent assay (ELISA) têm sido utilizadas na rotina laboratorial. CONCLUSÃO: Parece existir uma tendência para a substituição terapêutica da CsA pelo FK506 no tratamento imunossupressor, porém ainda não se estabeleceu consenso nessa conduta. A metodologia analítica para a análise da CsA encontra-se bem estabelecida; para o FK506, estudos ainda são necessários. Resumo em inglês INTRODUCTION: Therapeutic monitoring of immunosuppressants cyclosporine A (CsA) and tacrolimus (FK506) is indispensable to maintain stable levels of these drugs, avoiding graft rejection in the transplanted patient in the case of low dosage, or toxicity in high dosage, and allowing monitoring of individual treatment. BACKGROUND: In the 80's, the introduction of the potent immunosuppressive drugs CsA and FK506 reduced the incidence of rejection episodes after solid organ t (mais) ransplantation. MECHANISM OF ACTION: CsA and FK506 have distinct chemical structures but similar mechanisms of action, inhibiting the transcription of the first signal for T-lymphocyte activation. TOXICITY: The major side effects associated with CsA and FK506 therapies are nephrotoxicity and neurological disturbances. However, clinical studies demonstrate that FK506 is a potent alternative to CsA due to its lower nephrotoxicity and reversible neurotoxicity when the dosage is decreased. ANALYTICAL METHODOLOGY: For routine monitoring of CsA, the high-performance liquid chromatography with ultraviolet detection (HPLC-UV) was replaced by the radioimmunoassay (RIA) and monoclonal antibody-based fluorescence polarization immunoassay (mFPIA). For the assessment of FK506, it is consensus that highly specific liquid chromatography/tandem mass spectrometry (LC/MS/MS) is the reference method, although the microparticle enzyme immunoassay (MEIA) and the enzyme-linked immunosorbent assay (ELISA) are currently used for routine monitoring. CONCLUSION: There is a tendency to substitute CsA by FK506 at immunosuppressive regimens, but this is not a consensus yet. The analytical methodology for CsA analysis is well established in the clinical laboratory, but further studies are needed to define the best methodologies for routine FK506 analysis.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

Ciclosporina versus tacrolimus no transplante renal no Brasil: uma comparação de custos/ Cyclosporine versus tacrolimus in kidney transplants in Brazil: a cost comparison

Guerra Junior, Augusto Afonso; Acúrcio, Francisco de Assis; Andrade, Eli Iola Gurgel; Cherchiglia, Mariângela Leal; Cesar, Cibele Comini; Queiroz, Odilon Vanni de; Silva, Grazielle Dias da
2010-01-01

Resumo em português No Brasil, o Sistema Único de Saúde (SUS) é responsável maioria dos transplantes renais. Para a manutenção dessas intervenções, os protocolos recomendam uso da ciclosporina ou tacrolimus, associado com corticosteróides e azatioprina ou micofenolato. Na perspectiva do SUS, realizou-se análise econômica sobre recursos ambulatoriais, hospitalares e medicamentos utilizados por paciente e grupo terapêutico. Foi construída coorte de 2000 a 2004, com 5.174 pacientes (mais) em transplantes renais e em uso de ciclosporina ou tacrolimus, identificados por relacionamento probabilístico em registros do SUS. A coorte continha 4.015 pacientes em uso de ciclosporina e 1.159 com tacrolimus. A maioria era do sexo masculino, idade 24 meses antes do transplantes renais e no grupo do tacrolimus. Constatou-se maior gasto total com recursos hospitalares, ambulatoriais e medicamentos para os transplantes renais em pacientes com esquemas com tacrolimus, quando comparados com o grupo da ciclosporina. Resumo em inglês In Brazil, the Unified National Health System (SUS) is responsible for the majority of kidney transplants. To maintain these interventions, the guidelines recommend the use of cyclosporine or tacrolimus, associated with corticosteroids and azathioprine or mycophenolate. Taking the perspective of the National Health System, an economic analysis was performed on the outpatient and hospital resources and medicines used by patient and therapeutic group. A cohort was construct (mais) ed from 2000 to 2004, with 5,174 kidney transplant patients in use of cyclosporine or tacrolimus, identified by probabilistic record linkage from the National Health System. The cohort included 4,015 patients in use of cyclosporine and 1,159 using tacrolimus. The majority were males, age 24 months before the transplant, and in the tacrolimus group. Total hospital and outpatient costs and expenditure on medication were higher in patients on tacrolimus as compared to the cyclosporine group.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

Ciclosporina versus tacrolimus no transplante renal no Brasil: uma comparação de custos/ Cyclosporine versus tacrolimus in kidney transplants in Brazil: a cost comparison

Guerra Junior, Augusto Afonso; Acúrcio, Francisco de Assis; Andrade, Eli Iola Gurgel; Cherchiglia, Mariângela Leal; Cesar, Cibele Comini; Queiroz, Odilon Vanni de; Silva, Grazielle Dias da
2010-01-01

Resumo em português No Brasil, o Sistema Único de Saúde (SUS) é responsável maioria dos transplantes renais. Para a manutenção dessas intervenções, os protocolos recomendam uso da ciclosporina ou tacrolimus, associado com corticosteróides e azatioprina ou micofenolato. Na perspectiva do SUS, realizou-se análise econômica sobre recursos ambulatoriais, hospitalares e medicamentos utilizados por paciente e grupo terapêutico. Foi construída coorte de 2000 a 2004, com 5.174 pacientes (mais) em transplantes renais e em uso de ciclosporina ou tacrolimus, identificados por relacionamento probabilístico em registros do SUS. A coorte continha 4.015 pacientes em uso de ciclosporina e 1.159 com tacrolimus. A maioria era do sexo masculino, idade 24 meses antes do transplantes renais e no grupo do tacrolimus. Constatou-se maior gasto total com recursos hospitalares, ambulatoriais e medicamentos para os transplantes renais em pacientes com esquemas com tacrolimus, quando comparados com o grupo da ciclosporina. Resumo em inglês In Brazil, the Unified National Health System (SUS) is responsible for the majority of kidney transplants. To maintain these interventions, the guidelines recommend the use of cyclosporine or tacrolimus, associated with corticosteroids and azathioprine or mycophenolate. Taking the perspective of the National Health System, an economic analysis was performed on the outpatient and hospital resources and medicines used by patient and therapeutic group. A cohort was construct (mais) ed from 2000 to 2004, with 5,174 kidney transplant patients in use of cyclosporine or tacrolimus, identified by probabilistic record linkage from the National Health System. The cohort included 4,015 patients in use of cyclosporine and 1,159 using tacrolimus. The majority were males, age 24 months before the transplant, and in the tacrolimus group. Total hospital and outpatient costs and expenditure on medication were higher in patients on tacrolimus as compared to the cyclosporine group.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

4

Uso de ciclosporina 0,05% tópica no tratamento do olho seco de pacientes portadores do vírus HIV/ Topical cyclosporine 0.05% for the treatment of dry eye disease in patients infected with the human immunodeficiency virus

Barreto, Rodrigo de Pinho Paes; Biancardi, Ana Luiza; Nascimento, Emília Matos; Pereira, Basílio de Bragança; Moraes Jr, Haroldo Vieira de
2009-04-01

Resumo em português OBJETIVO: O presente estudo comparou a eficácia do tratamento da síndrome do olho seco em pacientes infectados pelo HIV com suplementação lacrimal (carboximetilcelulose sódica 0,5%) ou com suplementação lacrimal associada à terapia anti-inflamatória (carboximetilcelulose sódica 0,5% e ciclosporina 0,05%). MÉTODOS: Vinte pacientes portadores do vírus HIV provenientes do ambulatório de Infectologia do Hospital Universitário Clementino Fraga Filho da Universida (mais) de Federal do Rio de Janeiro foram selecionados. O diagnóstico de síndrome do olho seco foi baseado no questionário para olho seco (Ocular Surface Disease Index - OSDI®), teste de Schirmer I, tempo de ruptura do filme lacrimal e coloração da superfície ocular com rosa bengala a 1%. Os pacientes foram distribuídos em dois grupos com dez pacientes (20 olhos) e acompanhados durante seis meses. O grupo I foi tratado com colírio de carboximetilcelulose sódica 0,5% e o grupo II foi tratado com a associação de carboximetilcelulose sódica 0,5% e ciclosporina 0,05% tópica. RESULTADOS: Comparando os resultados no início e no final do tratamento, a associação com ciclosporina 0,05% mostrou-se superior (p Resumo em inglês PURPOSE: This study evaluates the use of topical cyclosporine 0.05% and sodium carboxymethylcellulose 0.5% for the treatment of dry eye disease in patients infected with the human immunodeficiency virus. METHODS: Twenty HIV-positive-patients were selected from the Department of Infectious Diseases of the Federal University of Rio de Janeiro Hospital. Dry eye diagnosis was based on a dry eye questionnaire (Ocular Surface Disease Index - OSDI®), Schirmer I test, break up t (mais) ime and 1% rose bengal staining of the ocular surface. The patients were divided into two groups with ten patients (20 eyes). Group I received sodium carboxymethylcellulose 0.5% drops and group II received sodium carboxymethylcellulose 0.5% drops and topical cyclosporine 0.05% for six months. RESULTS: Comparing the results at the beginning and in the end of the treatment, the use of cyclosporine was superior (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

5

Efeitos da ciclosporina A e betametasona na toxocaríase murina experimental/ Effects of cyclosporin A or betamethasone on experimental murine toxocariasis

Lescano, Susana A. Zevallos; Chieffi, Pedro Paulo; Ikai, Denise Katia; Ribeiro, Manoel Carlos S. A.
2004-02-01

Resumo em português Estudou-se o efeito de ciclosporina A ou betametasona em camundongos experimentalmente infectados por larvas de Toxocara canis administrados 15 dias antes ou 45 dias após infecção por esse ascarídeo. Nos animais infectados determinou-se a cinética da resposta humoral por IgG 60 e 90 dias após infecção por meio de pesquisa de anticorpos anti-Toxocara, utilizando teste imunoenzimático, em amostras de sangue obtidas por punção do plexo orbitário. No 90º dia apó (mais) s a infecção todos os animais sobreviventes foram sacrificados e submetidos a digestão ácida da carcaça, pulmões, fígado e cérebro para recuperação de larvas de Toxocara canis encistadas nesses órgãos. Observou-se retardo na produção de anticorpos IgG anti-Toxocara nos animais tratados com ciclosporina A ou betametasona 15 dias antes da infecção, além de aumento significativo na quantidade de larvas de Toxocara canis recuperadas no grupo de animais que foi tratado com ciclosporina A 15 dias antes da infecção pelo ascarídeo. Resumo em inglês The effects of administration of either cyclosporin A or betamethasone 15 days before or 45 days after experimental infection with Toxocara canis on mice had been studied. The dynamics of IgG antibody production, employing an enzyme-linked immunosorbent assay, was studied 60 and 90 days after mice infection by Toxocara canis. In the 90th day after infection all surviving mice were sacrificed and the tissue trapped larvae recovered by acid digestion in the muscles, lungs, (mais) liver and brain. A significative delay in the production of IgG antibodies anti-Toxocara was observed in all the mice treated with cyclosporin A or betamethasone 15 days before infection. On the other side, mice treated with cyclosporine 15 days before infection, but not with betamethasone, showed a significative higher number of trapped Toxocara canis larvae in the examined tissues.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

6

Eficácia da ciclosporina 0,05% na prevenção da perda endotelial no transplante de córnea/ Efficacy of cyclosporine 0.05% for preventing endothelial loss in corneal transplant

Moro, Fernando; Magalhães, Ediberto de; Galúcio, Érica; Moysés, Karine; Antunes, Victor Coronado; Cvintal, Tadeu
2007-10-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar a ação da ciclosporina 0,05% tópica na prevenção da perda endotelial no transplante de córnea. MÉTODOS: Estudo retrospectivo de 18 olhos submetidos a transplante penetrante por ceratocone realizados no serviço pelo mesmo cirurgião. Pacientes com microscopia especular com a 1200 células/mm² constituiram o outro grupo (mais) (grupo B). O critério de inclusão foi a presença da microscopia especular no período pós-operatório de 6 meses, 1 ano e 2 anos. Os critérios de exclusão foram retransplantes precoces, olhos contralaterais de casos bilaterais, episódios prévios de rejeição ao enxerto, doenças oculares associadas como glaucoma. A análise estatística foi realizada pelos testes de Friedman com significância estatística. Foi realizada uma avaliação da variação percentual de perda endotelial em relação à microscopia especular base, comparada aos períodos de 6 meses x 1 ano x 2 anos. RESULTADOS: No grupo A (pacientes que não utilizaram a ciclosporina 0,05%) nos respectivos períodos de 6 meses, 1 ano e 2 anos, observou-se um decréscimo da variação percentual de perda endotelial estatisticamente significante (p = 0,001 ). No grupo B (pacientes que utilizaram a ciclosporina 0,05%) nos respectivos períodos de 6 meses, 1 ano e 2 anos, observou-se um decréscimo da variação percentual de perda endotelial estatisticamente não significante (p = 0,513 ). CONCLUSÃO: Os resultados mostram uma desaceleração da variação percentual de perda endotelial nos transplantes penetrantes de córnea dos pacientes que utilizaram ciclosporina, quando comparados aos pacientes não tratados topicamente com tal medicação, sugerindo eficácia na manutenção das células endoteliais e sobrevida do transplante de córnea. Resumo em inglês PURPOSE: To assess the efficacy of topical cyclosporine .05% for preventing endothelial loss in cornea transplant. METHODS: Retrospective study of 18 eyes submitted to penetrating transplant due to keratoconus, operation carried out by the same surgeon. Patients with specular microscopy with lower than or equal to 1200 cells/mm² belonged to the control group. The inclusion criterion was the occurrence of specular microscopy in the postoperative period over the 6- month, (mais) 1- year, and 2- year periods and the exclusion criterion was the occurrence of other pathologies, precocious retransplants, contralateral eyes of bilateral cases, previous rejection episodes, eye pathologies associated with glaucoma. The statistical analysis was based on Friedman's tests. After the application of Friedman's test to group A (patients who had not used the cyclosporine .05%) in the respective 6-month, 1-year, and 2-year periods, a statistically significant decrease in the percentage variation of endothelial loss was observed (p = .001). After the application of Friedman's test to group B (patients who had used the cyclosporine .05%) in the respective 6-month, 1-year, and 2-year periods, a statistically not significant decrease in the percentage variation of endothelial loss was observed (p = .513). RESULTS: The curves of endothelial loss went through Friedman's statistical tests in which one carried out an assessment of percentage variation of endothelial loss in relation to base specular microscopy compared to the 6 -month, 1- year, and 2-year periods. CONCLUSION: Based on the results achieved after the application of Friedman's test, one could clearly show a deceleration in the percentage variation of endothelial loss in penetrating cornea transplants of group B (patient who had used the cyclosporine .05%) in comparison with group A (patients who had not used the cyclosporine .05%), proving its beneficial effect on the maintenance of endothelial cells and survival in cornea transplant.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

7

Níveis de vale de ciclosporina elevados em transplantados renais anti-HCV positivos/ Elevated cyclosporine A trough levels in HCV positive kidney transplant recipients

Wolffenbüttel, Luciano; Gonçalves, Elsa Alídia Petry; Manfro, Roberto Ceratti; Gonçalves, Luiz Felipe Santos
2003-06-01

Resumo em português OBJETIVO: Comparar os níveis de vale de CsA de transplantados renais anti-HCV+ com um grupo controle. MÉTODOS: Incluímos como casos todos os pacientes anti-HCV+ transplantados entre janeiro de 1992 e abril de 1996, e os anti-HCV- transplantados a seguir do caso como controles. Excluímos pacientes diabéticos, HbsAg+, os que recebiam fármacos com interação com a CsA e aqueles com transaminases elevadas. A sorologia para HCV foi testada pelo método ELISA de 3ª (mais) geração, e as dosagens de ciclosporina através de fluorimetria polarizada com anticorpo policlonal. RESULTADOS: As principais variáveis demográficas não diferiram entre os grupos. O nível de vale médio de CsA do primeiro mês pós-transplante foi maior nos 23 pacientes anti-HCV+ (551 ± 280 ng/ml) do que nos 31 controles (418 ± 228 ng/ml, p Resumo em inglês OBJECTIVE: Compare the CsA trough levels of HCV+ kidney transplant recipients to a control group METHODS: All anti-HCV positive patients that received a renal allograft between January 1992 and April 1996 were initially included as cases. Patients with diabetes mellitus, HBsAg+, who were taking medication that could modify CsA pharmacokinetics and those with elevated aminotransferases were excluded. For each anti-HCV positive index case the following transplanted anti-HCV (mais) negative patient was included as a control. Third generation ELISA was used for determination of the anti-HCV status and CsA dosages were performed by polarized fluorometry with polyclonal antibodies. RESULTS: No differences in the demographic variables were found. The average CsA through levels in the first month were higher (551 ± 280 ng/ml) in the 23 cases as compared to the 31 controls (418 ± 228 ng/ml; p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

8

Efeito imunossupressor da ciclosporina intra-muscular administrada em diferentes períodos pós-operatórios em um modelo de transplante penetrante de córnea em ratos/ Immunosuppressive effect of intramuscular cyclosporine used at different post-operative period on a penetrating keratoplasty model in the rat

von Hertwig, Roberto; Rigueiro, Moacyr Pezati; Rodrigues, Paulo Dantas; Tôrres, Franco Amboni Nunes; Nishi, Mauro
1999-12-01

Resumo em português Objetivo: Avaliar o efeito imunossupressor da ciclosporina intramuscular (I.M.), administrada por tempo limitado em diferentes períodos do pós-operatório, no transplante penetrante de córnea em um modelo experimental em rato, por meio de avaliação clínica e anátomo-patológica do enxerto corneano. Método: Foram utilizados ratos isogênicos Fischer como doadores e Lewis como receptores, em um modelo ortotópico de transplante de córnea. A administração de ciclo (mais) sporina I.M. 10 mg/kg/dia foi iniciada em diferentes períodos nos grupos estudados: no pós-operatório imediato, no 7º dia pós-operatório e no 9º dia pós-operatório. A ciclosporina quando iniciada foi administrada até o 30º dia pós-operatório. Um grupo controle não recebeu a ciclosporina I.M. Os enxertos corneanos foram avaliadas clínica e histologicamente. Resultados: Rejeição foi observada nas primeiras três semanas do pós-operatório em 100% dos casos no grupo controle (n = 5) que não recebeu a ciclosporina. Os ratos tratados com ciclosporina (n = 15) apresentaram rejeição em apenas um caso, que teve curta evolução e poucos sinais clínicos. Os estudos histológicos confirmaram as avaliações clínicas. O grupo controle apresentou infiltrado no enxerto corneal com predomínio de linfócitos sobre neutrófilos com mais neovasos, com mais fibrose e com infiltrado inflamatório mais intenso do que os grupos tratados com ciclosporina. Conclusão: Os dados obtidos indicam que a ciclosporina I.M., pode ter efeito benéfico sobre o controle da rejeição do transplante de córnea, mesmo na sua fase ativa. Resumo em inglês Purpose: Corneal graft rejection suppression after intramus-cular cyclosporine administration at different periods of time was studied on a penetrating keratoplasty rejection model in the rat. Methods: Inbred Lewis rats were used as recipients and Fischer rats were used as donors in a orthotopic rejection model of corneal transplantation. Intramuscular injection of cyclosporine 10 mg/kg per day was administered up to the 30th postoperative day in 3 groups with different s (mais) tarting periods: at the day of surgery, at the 7th , and at the 9th postoperative day. Grafts were evaluated through clinical and histological examination. Results: The corneal grafts developed a 100% rejection in about 3 weeks after the penetrating keratoplasty in the control group (n = 5) in which no cyclosporine was adminis-tered. Graft rejection was detected in one case in the groups in which cyclosporine was administered (n = 15), but the process was inhibited during the study period. Histological studies confirmed the clinical evaluations. Conclusions: These data indicate that intramuscular cyclosporine may control the corneal graft rejection, even during the active phase.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

9

Monitoramento dos níveis de ciclosporina em sangue total em transplantes renais/ Measuring cyclosporine in whole blood in kidney transplantation

Bottini, P.V.; Alves-Cunha, F.A.; Moda, M.A.; Souza, M.I.; Garlipp, C.R.
1998-09-01

Resumo em português INTRODUÇÃO E OBJETIVOS: Ciclosporina A é uma droga imunossupressora potente e efetiva no combate à rejeição de órgãos transplantados. No presente estudo, os autores avaliaram o emprego de um imunoensaio monoclonal com fluorescência polarizada (FPIAm), como um método alternativo ao radioimunoensaio (RIA) para determinação dos níveis de ciclosporina em sangue total. MATERIAL E MÉTODOS: Amostras de sangue de 65 pacientes submetidos a transplante renal foram col (mais) hidas em frascos com EDTA 12 horas após a última dose de ciclosporina, via oral. Os níveis de ciclosporina foram avaliados por meio de radioimunoensaio com anticorpo monoclonal e imunoensaio monoclonal com fluorescência polarizada. RESULTADOS E CONCLUSÃO: A análise estatística revelou um coeficiente de correlação entre os métodos de r = 0,9817 e o teste t de Student pareado mostrou haver diferença estatisticamente significaante entre eles (p Resumo em inglês BACKGROUND: Cyclosporin A is a potent immunosuppressive drug effective in combatting rejection following organ transplantation. In na effort to replace a radioimmunoassay (RIA) for whole blood determination of cyclosporine (Cya) we compared RIA with fluorescence polarization immunoassay (FPIAm). METHOD: 65 blood samples were analysed from kidney transplanted patients. The samples were collected into tubes containing EDTA as anticoagulant and analysed by RIA and FPIAm. RES (mais) ULTS: The statistical analysis revealed a difference between both methods (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

10

Imunodepressão induzida por talidomida e ciclosporina em transplante cardíaco heterotópico de coelho/ Imunodeppression induced by thalidomide and cyclosporine in heterotopic heart transplantation of rabbits

Carvalho, João Batista Vieira de; Petroianu, Andy
2003-04-01

Resumo em português OBJETIVO: A talidomida, por seus efeitos antiinflamatórios e imunodepressores, tem sido utilizada no tratamento de doenças dermatológicas e na doença enxerto-contra-hospedeiro no transplante de medula óssea. O objetivo deste trabalho é avaliar a ação deste medicamento como imunodepressor em transplante de órgãos, estudando sua ação isoladamente ou em combinação com a ciclosporina na prevenção da rejeição ao aloenxerto cardíaco heterotópico em coelho. M (mais) ÉTODO: Foram utilizados 50 coelhos, sendo 25 doadores e 25 receptores.Os animais receptores foram subdivididos em cinco grupos (n= 5) : Grupo I (controle) animais não-imunodeprimidos; Grupo II (imunodeprimidos com ciclosporina na dose de 10 mg/kg/dia); Grupo III (imunodeprimidos com talidomida na dose de 100 mg/kg/dia); Grupo IV (imunodeprimidos com ciclosporina na dose de 5,0 mg/kg/dia) e Grupo V (imunodeprimidos com ciclosporina na dose de 5,0 mg/kg/dia associada a talidomida na dose de 50 mg/kg/dia). Os medicamentos foram administrados através de cateter orogástrico, a partir do dia anterior ao transplante. RESULTADOS: O coração do doador foi implantado no abdome dos receptores. A associação de talidomida e ciclosporina apresentou o menor escore histopatológico de rejeição (p Resumo em inglês BACKGROUND: Because of its anti-inflammatory and immunodepressive effects, thalidomide has been used for the treatment of dermatologic diseases and of host-versus-graft disease in patients submitted to bone marrow transplantation. In the present study we evaluated the immunodepressive action of thalidomide alone or in combination with cyclosporine on the prevention of rejection of a heterotopic cardiac allograft in rabbits. METHODS: Fifty rabbits were used, 25 of them as (mais) donors and 25 as recipients. Recipient animals were divided into five groups (n = 5 each): Group I (control) _ non-immunodepressed animals, Group II (immunodepressed animals with cyclosporine at the dose of 10 mg/kg/day), Group III ( immunodepressed animals with thalidomide at the dose of 100 mg/kg/day), Group IV ( immunodepressed animals with cyclosporine at the dose of 5.0 mg/kg/day ), and Group V ( immunodepressed animals with cyclosporine at the dose of 5.0 mg/kg/day in combination with thalidomide at the dose of 50 mg/kg/day). Medications were administered through an orogastric catheter starting on the day before the transplant. The heart of the donors was implanted in the abdomen of the recipients. RESULTS: The combination of thalidomide and cyclosporine showed the lowest histopathological rejection score (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

11

Estudo comparativo dos efeitos da talidomida, da ciclosporina e do diclofenaco na sobrevida de aloenxertos cutâneos em coelho/ Assessment of immunossupresion induced by thalidomide, cyclosporine and diclofenac on skin allograft survival in rabbits

Chaves, Diva Novy Barbosa; Alberti, Luiz Ronaldo; Petroianu, Andy
2008-02-01

Resumo em português OBJETIVO: Verificar se a talidomida é capaz de evitar a rejeição de aloenxertos de pele em coelhos, como droga isolada, ou melhorar a eficácia de doses subterapêuticas de ciclosporina, comparando seu efeito ao de doses terapêuticas da ciclosporina e também ao papel antiinflamatório do diclofenaco de sódio. MÉTODOS: Foram estudados 42 coelhos, distribuídos nos seguintes grupos (n=6): Grupo 1 - controle com auto-enxerto; Grupo 2 - controle com aloenxerto; Grupo 3 (mais) - aloenxerto sob o efeito de talidomida (100 mg/kg/dia); Grupo 4 - aloenxerto sob o efeito de diclofenaco de sódio (2 mg/kg/dia); Grupo 5 - aloenxerto sob o efeito de ciclosporina (10 mg/kg/dia); Grupo 6 - aloenxerto sob o efeito de ciclosporina (5 mg/kg/dia); Grupo 7 - aloenxerto sob o efeito de ciclosporina (5 mg/kg/dia) associada a talidomida (100 mg/kg/dia). Foram retirados enxertos circulares de pele total do dorso de uma das orelhas do animal. Os medicamentos foram administrados por cateter orogástrico, a partir do dia anterior ao transplante. Os enxertos foram trocados entre coelhos de raças diferentes. RESULTADOS: A ciclosporina a 10 mg/kg/dia prolongou a sobrevida dos enxertos de pele, sendo seu efeito comparável ao obtido com a ciclosporina em dose subterapêutica (5 mg/kg/dia) associada a talidomida a 100 mg/kg/dia. A talidomida isoladamente, mesmo em concentração de 100 mg/kg/dia, e o diclofenaco tiveram efeito mínimo na sobrevida média dos aloenxertos cutâneos. O número de eosinófilos no infiltrado inflamatório circunjacente à necrose foi maior nos grupos tratados com diclofenaco e com ciclosporina a 5 mg/kg/dia e menor no grupo em que se associou ciclosporina com talidomida. CONCLUSÃO: A talidomida pode ser uma droga útil para associar-se a baixas doses de ciclosporina no tratamento de aloenxertos cutâneos. Resumo em inglês OBJECTIVE: Allografting is one of the therapeutic alternatives for extensive burn victims without sufficient skin donor areas. This research studied the effects of cyclosporine, as an immunosuppressor model, and thalidomide and dyclofenac as anti-inflammatory drugs on an experimental skin allograft research. METHODS: Forty-two rabbits were divided in the following groups (n=6): Group 1 - autografting control; Group 2 - allografting control; Group 3 - allografts under thal (mais) idomide effect (100 mg/kg/day); Group 4 - allografts under sodium dyclofenac effect (2 mg/kg/day); - Group 5 -allografts under cyclosporine effect (10 mg/kg/day); Group 6 - allografts under cyclosporine effect (5 mg/kg/day); Group 7- allografts under cyclosporine (5 mg/kg/day) plus thalidomide (100 mg/kg/day) effect. Drugs were given via orogastric tube since the day before transplantation and daily during the postoperative period. Circular total skin grafts of the ear were exchanged between California and White New Zealand rabbits. RESULTS: Cyclosporine 10 mg/kg/day increased allograft survival and this effect was comparable to the association of cyclosporine 5 mg/kg/day with thalidomide 100 mg/kg/day. Thalidomide as an isolated drug and dyclofenac had a minimum effect on the average survival of the skin allografts. The number of eosinophils around the necrotic skin was higher in the dyclofenac group and lower in the group receiving cyclosporine associated with thalidomide. CONCLUSION: This study showed that thalidomide may be an useful drug when associated with subtherapeutic doses of cyclosporine for treatment of skin allografts.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

12

Hiperplasia gengival induzida por ciclosporina A/ Ciclosporine A-induced gingival hyperplasia

Ramalho, Vera Lúcia Costa; Ramalho, Horácio José; Cipullo, José Paulo; Burdmann, Emmanuel A.
2003-06-01

Resumo em português O crescente uso da ciclosporina A (CSA) em transplantes de órgãos e no tratamento de doenças auto-imunes aumentou a incidência de seus efeitos adversos, entre eles a hiperplasia gengival (HG). Esta acarreta problemas estéticos, de fala, mastigação e de erupção dentária nos pacientes afetados. A prevalência de hiperplasia gengival induzida por ciclosporina varia nos diversos estudos, podendo chegar a 85%, dependendo do critério utilizado para seu diagnóstico. (mais) Esta revisão aborda aspectos etiológicos, histológicos, de quadro clínico, prevenção e tratamento desta importante lesão. Resumo em inglês The increasing use of cyclosporine A (CSA) in organ transplants and in the treatment of autoimmune diseases has increased the incidence of cyclosporine A-related adverse effects, including gingival hyperplasia (GH). GH causes esthetic, speech, mastication and tooth growth problems in the affected patients. The prevalence of cyclosporine-induced GH varies in different studies and may be as high as 85%, depending on the diagnostic criteria. This review approaches etiological, histological and clinical issues, as well as the prevention and treatment of this important injury.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

13

Anemia hemolítica microangiopática induzida por tacrolimus e ciclosporina A/ Microangiopathic hemolytic anemia induced by tacrolimus and ciclosporine A

Vasconcelos, Rafael S.; Zanis Neto, José; Parolin, Mônica; Coelho, Júlio; Müller, Paulo G. O.
2008-12-01

Resumo em português Relatamos caso raro de anemia hemolítica microangiopática em paciente após transplante hepático por cirrose Child B causada por deficiência de alfa1-antitripsina. Após análise clínica e laboratorial extensa, concluiu-se que o quadro de hemólise foi causado pela medicação imunossupressora utilizada após transplante. Inicialmente foi utilizado tacrolimus que, posteriormente, foi substituído por ciclosporina A, entretanto não houve melhora da hemólise. Após s (mais) uspensão das duas drogas, houve melhora importante clínica do paciente, com normalização dos parâmetros hematológicos. Resumo em inglês We report a rare case of acute hemolysis in a patient after liver transplant for Child B cirrhosis caused by alfa1-antitripsine deficiency. History and laboratorial examinations indicated that the most probable cause of the hemolysis was the use of the immunosupressor tacrolimus and later Cyclosporine A. After the discontinuation of these drugs, there was improvement in the clinical condition of the patient, with a compensated hemolytic anemia.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

14

Múltiplos fibroadenomas bilaterais após transplante renal e imunossupressão com ciclosporina A/ Multiple bilateral fibroadenomas after kidney transplantation and immunossuppression with cyclosporine A

Nazário, Afonso Celso Pinto; Vieira Júnior, Luiz Alberto Sobral; Machado, Janine Martins; Kemp, Cláudio
2007-07-01

Resumo em português O fibroadenoma é a neoplasia benigna mais freqüente da mama feminina e é considerado tumor misto, constituído por quantidades variáveis de tecido conjuntivo e epitelial. A ciclosporina parece ter implicações no desenvolvimento de fibroadenomas mamários em pacientes transplantadas renais em idade reprodutiva. Descrevemos o caso no qual a paciente, em uso terapêutico de ciclosporina A, após transplante renal, apresentou vários nódulos mamários bilaterais na evo (mais) lução. O exame físico e os achados de imagem sugeriram fibroadenoma, diagnóstico que foi confirmado após biópsias. Resumo em inglês Fibroadenoma is the most frequent benign neoplasia in the female breast and it is considered a mixed tumor, constituted by variable amounts of connective and epithelial tissue. Cyclosporine A seems to be related with the development of mamary fibroadenomas in patients who underwent kidney transplantation in reproductive age. We reported the case in which the patient, in therapeutic use of cyclosporine A, after kidney transplantation, presented several bilateral lumps. The imaging and palpable findings suggested fibroadenoma, confirmed after biopsy.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

15

Análise quantitativa dos tecidos gengivais de ratos tratados com fenitoína e ciclosporina/ Quantitative analysis of gingival tissues of rats treated with phenytoin and cyclosporine

SPOLIDORIO, Luís Carlos; GONZAGA, Heron Fernando de Souza; SPOLIDORIO, Denise M. P.
2000-12-01

Resumo em português Os aumentos gengivais podem ser decorrentes de reações teciduais a estímulos idiopáticos, patológicos e farmacológicos. O objetivo desse trabalho foi avaliar morfometricamente e estereologicamente a ação da fenitoína (Fen) e ciclosporina (CsA) sobre os tecidos gengivais de ratos. Dez ratos receberam, por via intraperitonial, Fen na dose inicial de 2 mg/kg de peso corporal/dia, aumentando 2 mg a cada duas semanas, durante 60 dias. Em outros 10 ratos, administraram (mais) -se, por via subcutânea, 10mg/kg de peso corporal/dia de CsA, durante o mesmo período do grupo anterior. Os valores morfométricos e estereométricos dos tecidos gengivais dos ratos tratados com CsA foram significativamente maiores quando comparado com os valores dos tecidos gengivais do grupo tratado com Fen. Esses resultados sugerem que a CsA na dose utilizada é mais eficaz no desenvolvimento do aumento gengival em ratos, podendo estar atuando na proliferação de fibroblastos e no desequilíbrio fisiológico da síntese de fibras colágenas. Resumo em inglês Reactions to a number of idiopathic, pathological and pharmacological stimuli may result in overgrowth of gingiva, whose mechanisms have not been established yet. The aim of the present work was to evaluate morphometrically and stereologically the effect of phenytoin (PHT) and cyclosporine (Cs) on the gingival tissues of rats. Ten rats received daily IP injection of PHT, 2 mg/kg of body weight/day, which was increased in 2 mg at each two weeks, during 60 days. Ten rats re (mais) ceived 10 mg/kg of body weight/day of Cs, subcutaneously, during the same period of the previous group. All rats treated with Cs developed gingival overgrowth, with increased thickness of the epithelium, height and wideness of connective tissues, as well as, increased density of fibroblasts and collagen fibers, when compared with the rats treated with PHT and with the control. These results suggest that Cs, in the used dose, is more efficient in the development of gingival overgrowth in rats. Cs-induced gingival overgrowth is a tissue with an altered composition, characterized by increasing of the density of fibroblasts and by physiologic unbalance of collagen synthesis.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

16

Estudo da viabilidade do enxerto de ovário na bolsa omental de ratos utilizando Ciclosporina A/ Study about the feasibility of ovarian graft in rats' omentum pouch, using cyclosporine A

Brito, Nara Macedo Botelho; Torres, Inêz Ohashi; Silveira, Edvaldo Lima; Santos, Lorena Lira Tavares dos
2005-04-01

Resumo em português OBJETIVO: Estudo comparativo do enxerto autólogo e heterólogo de ovário na bolsa omental de ratas, utilizando ciclosporina A. MÉTODOS: No presente estudo, foram utilizadas 20 ratas distribuídas randomicamente em quatro grupos, denominados grupo controle (animais submetidos à ooforectomia); grupo A (enxerto autólogo de ovário); grupo H (enxerto heterólogo de ovário); e grupo C (enxerto heterólogo de ovário e tratamento com ciclosporina A). Todos os animais fora (mais) m submetidos à ooforectomia bilateral. Um dos ovários removidos foi individualizado e enxertado no omento maior do animal. Os animais do grupo C receberam a dose de 10mg/kg/dia de ciclosporina por via subcutânea durante todo o período do experimento. Após um período de 33 dias, todos os animais foram submetidos a uma nova intervenção cirúrgica para identificação do leito receptor e retirada do ovário transplantado, além do útero e da vagina, seguido de eutanásia. As peças foram submetidas a processamento histológico e coloras pela hematoxilina eosina. RESULTADOS: Todos os grupos apresentaram epitélios vaginal e uterino com 1 a 2 fileiras de células cúbicas ou cilíndricas simples, núcleo arredondado e central. Houve também grande reação inflamatória em todo o enxerto, com áreas de necrose. Ocorreu óbito de um animal do grupo C no 20º dia do experimento. CONCLUSÃO: Conclui-se que o enxerto de ovário íntegro realizado em omento maior de ratas nesta amostra, independente do uso da Ciclosporina, não mostrou-se viável. Resumo em inglês PURPOSE: To study comparatively ovarian autograft and heterograft in rats' omentum pouch, using Cyclosporine A. METHODS: In the present study 20 rats, distributed equally in four groups, had been used: Control Group (rats submitted to ooforectomy); Group A (ovarian autograft); group H (ovarian heterograft); e group C (ovarian heterograft and treatment with Cyclosporine A). All animals had been submitted to a bilateral ooforectomy. One of the removed ovaries had been indiv (mais) idualized and grafted in Greater Omentum. The animals from group C received 10mg/kg/dia of cyclosporine subcutaneously during the period of the experiment. All animals had been submitted to a new surgical intervention after a period of 33 days for identification of the receiving bedstead and withdrawal of the grafted ovary, beyond the uterus and the vagina, followed of euthanasia. The parts had been submitted to the histological process of routine. RESULTS: All groups presented vaginal and uterine epithelium with one or two rows of simple cubical or cylindrical cells, spherical and central nucleus. It also had great inflammatory reaction in all grafts, with necrosis areas. At the 20th day of the experiment, one of the animals of group C died. CONCLUSION: It was concluded that the graft of the entire ovary in Greater Omentum of rats in this sample, independently of the use of Cyclosporine, did not revealed viable.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

17

Alterações metabólicas induzidas por isquemia hepática normotérmica experimental e o efeito hepatoprotetor da ciclosporina/ Induced metabolic alterations due to experimental normothermic hepatic ischemia and the hepatoprotector effect of cyclosporin

Garcia, José Huygens Parente; Coelho, Gustavo Rego; Sousa, Ivian Teixeira de; Siqueira, Rafael Pontes de; Vasconcelos, Paulo Roberto Leitão de
2004-03-01

Resumo em português RACIONAL: Transplante de fígado é inevitavelmente associado com períodos de isquemia completa. No entanto, o tempo de oclusão do pedículo hepático é limitado pelas conseqüências da injúria pós-isquêmica do fígado. OBJETIVO: Determinar as principais alterações metabólicas ocasionadas pela isquemia hepática e a provável ação hepatoprotetora da ciclosporina. MÉTODOS: Isquemia hepática normotérmica por 60 minutos foi induzida em ratos. Em seguida, as al (mais) terações com o tempo (0, 1, 6, 24 horas) das concentrações sangüíneas e hepáticas de lactato, piruvato, glicose, corpos cetônicos e razão acetoacetato/3-hidroxibutirato, bem como o estado redox citoplasmático e mitocondrial do tecido hepático foram determinados. Outro grupo de animais foi pré-tratado com ciclosporina (10 mg/kg), sendo estudadas as alterações metabólicas no tempo 1 hora após revascularização hepática. RESULTADOS: A isquemia hepática causou elevação da concentração de lactato no fígado, sugerindo que pronunciado grau de metabolismo anaeróbico ocorreu durante o período de isquemia. Isquemia hepática acarretou ainda queda da concentração e da razão dos corpos cetônicos (acetoacetato/3-hidroxibutirato) no sangue arterial no tempo de 1 hora após revascularização. Tal fato reflete que a injuria isquêmica do fígado interfere na cetogênese. CONCLUSÃO: O tratamento com ciclosporina causa elevação das concentrações dos corpos cetônicos e da razão acetoacetato/3-hidroxibutirato no sangue arterial após 1 hora de reperfusão hepática, sugerindo que esta droga acelera a cetogênese e, conseqüentemente, a recuperação da lesão isquêmica do fígado. Resumo em inglês BACKGROUND: Hepatic transplantation is inevitably associated with periods of complete ischemia. However, the clamping of hepatic vascular pedicle is limited by the consequences of the post-ischemic injury to the liver. AIM: To determine the main metabolic alterations caused for the hepatic ischemia and the probable hepatoprotective effect cyclosporin. METHOD: Normothermic hepatic ischemia during 60 minutes was induced in the rats. The time-course (0, 1, 6, 24 hours) of ch (mais) anges in blood and in the hepatic concentrations of lactate, pyruvate, glucose, ketone bodies and in the ratio of acetoacetate/3-hydroxybutyrate, as well as the cytoplasmic and mitochondrial redox state of the liver cells were determined. A group of animals was daily pre-treated with cyclosporine (10 mg/kg) during 4 days until the induction of hepatic ischemia, then they studied 1 hour after hepatic revascularization. Hepatic ischemia caused elevation in the concentrations of lactate in the liver, suggesting that a pronounced level of anaerobic metabolism occurred during the ischemia period. Liver ischemia promoted yet a fall in the concentration and in the ratio of ketone bodies (acetoacetate/3-hydroxybutyrate) in the arterial blood in the studied period of one hour post-revascularization, perhaps reflecting impairment of ketogenesis as a result of the ischemic injury. CONCLUSION: The treatment with cyclosporine cause elevation in the concentration of ketone bodies and in the ratio of acetoacetate/3-hydroxybutyrate in the arterial blood 1 hour after reperfusion of the liver, suggesting that these drugs may accelerate the recovery of the ischemic hepatic lesion with reactivation of ketogenesis.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

18

Tratamento hipolipemiante em situações especiais: pós-transplante e/ou terapia imunossupressora/ Hypolipidemic treatment under special conditions: posttransplant and/or immunosupressive therapy

Izar, Maria Cristina de Oliveira
2005-10-01

Resumo em português Existem dados limitados sobre o uso concomitante de agentes hipolipemiantes e drogas imunosupressoras. As melhores evidências provêm do uso de estatinas e ciclosporina. Em termos farmacodinâmicos, estas duas drogas têm substratos diferentes. No tocante a farmacocinética, as estatinas não modificam as concentrações plasmáticas de ciclosporina. Entretanto, quando combinada a qualquer estatina, um controle rigoroso dos níveis de ciclosporina é recomendado, levando (mais) -se em conta o seu estreito intervalo terapêutico. Ciclosporina afeta a área sob a curva de muitas estatinas, pela inibição do CYP450 3A4, aumentando a exposição sistêmica dessas drogas. Pravastatina se apresenta como o composto de maior segurança, uma vez que é glucuronidado. A área sob a curva para as outras estatinas (sinvastatina, lovastatina, atorvastatina, cerivastatina e rosuvastatina) pode aumentar em graus variáveis de acordo com o seu sítio de metabolização, extração hepática pelo OATP-transportador, secreção biliar, excreção renal, e extrusão da droga pelo sistema MDR. Resumo em inglês There are limited data regarding the use of hypolipidemic agents concomitantly with immunosuppressive drugs. Best evidence is provided for the use of statins and cyclosporine. In terms of pharmacodynamics, these two drugs have different substrates. In respect to pharmacokinetics, statins usually do not modify serum concentrations of cyclosporine, however when combined with any statin a careful monitoring of cyclosporine levels is recommended, due to a narrow therapeutic w (mais) indow of the immunosupressive agent. Conversely, cyclosporine does affect the area under the curve for many statins, by inhibiting the CYP450 3A4, thus increasing systemic exposure to statins. Pravastatin appears to be the safest compound, once it is glucuronized. The area under the curve for the other statins (simvastatin, lovastatin, atorvastatin, cerivastatin, and rosuvastatin) can be increased in variable degrees according to the site of metabolization, liver extraction by OATP-C transporter, biliary secretion, renal excretion, and drug extrusion by the MDR system.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

19

Hipertrofia gengival em transplantados renais/ Cyclosporine induced gingival hyperplasia in kidney transplants

Torrezan, Paulo Roberto; Andrade Sobrinho, Josias de; Denardin, Odilon Victor Porto; Rapoport, Abrão
2005-08-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar os fatores associados ao crescimento gengival excessivo em transplantados renais. MÉTODOS: A pesquisa foi realizada no Hospital Cajuru de Curitiba, no período de abril a outubro de 2002, com a participação de 60 transplantados renais, em uso diário de ciclosporina e com pelo menos um segmento dentário. O protocolo de ensaio foi observacional transversal. O exame odontológico dos indivíduos consistiu da avaliação dos segmentos dentários com ver (mais) ificação do grau de crescimento da gengiva e do índice de placa bacteriana. Todos os participantes preencheram questionário com dados relacionados ao transplante renal, realizaram coleta de material para controle do nível sérico de ciclosporina e foram avaliados quanto ao peso e altura. Na comparação dos resultados de amostras categóricas, utilizou-se o teste do Qui-quadrado e a correlação de classes de Spearman. O teste t foi aplicado na comparação das variáveis contínuas. RESULTADOS: Em pacientes tratados somente com ciclosporina, 47,2% não apresentavam alterações da gengiva, enquanto 52,8% cursaram com crescimento gengival, sendo 30,6% com grau > 2. Nos pacientes tratados com ciclosporina e nifedipina, notou-se que 29,2% tinham gengiva normal e 70,8% apresentaram crescimento gengival, sendo que em 45,8% o comprometimento foi grau > 2. Não foi observada diferença significativa dos resultados entre os gêneros masculino e feminino. Foi encontrada correlação positiva entre o índice de placa bacteriana e o volume gengival (r = 0,3295; p Resumo em inglês OBJECTIVE: Assess the influence of cyclosporine on the gingival growth of 60 patients with kidney transplant through a research carried out at the Hospital Cajuru in Curitiba, (April to October of 2002). METHODS: Regardless of age, gender, ethnic or social condition, all patients received cyclosporine daily and had, at least, one dental segment. They monthly returned to the Hospital for medical control and for several laboratory exams, among them the cyclosporine serum le (mais) vel. This permitted observation of these cases, especially with respect to the reaction of gingival growth. Clinical dental exams of the patients comprised filling out a form on their personal data, height and weight and number of dental segments. Also an observation of the degree of the gingival and bacterial plaque index was recorded. These data were treated statistically. RESULTS: Of the patients treated only with cyclosporine, 47.2% showed no alterations of the gingival structure while 52.8% presented gingival growth, of them 33.3% with a > 2 degree. Of the patients treated with both cyclosporine and nifedipine, 33.3% had a normal gingiva and 66.7% presented gingival growth. In 45.8% of them, the alteration was of > 2 degree, with no significant difference between results of the male and female patients. A positive correlation between excess fat and the corrected cyclosporine dose and serum concentration per unit of Body Mass Index was found, also between excess fat and the bacterial plaque index. A significant association between the extent of increased gingival growth and the bacterial plaque index was also observed. CONCLUSION: Use of cyclosporine when associated with nifedipine brings about an increase of gingival growth.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

20

Gestação obtida em coelha após ooforectomia bilateral e transplante ovariano homógeno/ Pregnancy in rabbits after bilateral oophorectomy and allogenic ovary transplantation

Petroianu, Andy; Vasconcellos, Leonardo de Souza; Leite, Juliana Moysés; Alberti, Luiz Ronaldo; Castro, Lúcia Porto Fonseca de
2003-08-01

Resumo em português OBJETIVO: Verificar a possibilidade de fertilização natural após ooforectomia total bilateral e transplante ovariano homógeno ortotópico sem anastomose vascular e imunossuprimidos pela ciclosporina. MÉTODO: Foram utilizadas dez coelhas da raça Nova Zelândia Branca e Califórnia. Realizou-se ooforectomia total bilateral e transplante ortotópico dos ovários entre pares de animais. De um lado, foi transplantado o ovário íntegro e de outro, o ovário fatiado. Não (mais) houve anastomose vascular. A imunossupressão se deu com a administração ciclosporina através de tubo orogástrico diariamente, durante seis meses. Três meses depois, as fêmeas foram colocadas diariamente para copular com machos sabidamente férteis da raça Nova Zelândia Branca, por outros seis meses. No final do período do experimento, foram realizadas dosagens de estradiol, progesterona, hormônio folículo estimulante e hormônio luteinizante, além de estudo histológico dos ovários, tubas e úteros. RESULTADOS: Gravidezes ocorreram em cinco coelhas, sendo que, em quatro delas, houve nascimento de filhotes. As dosagens hormonais estiveram dentro da faixa de normalidade em todos os animais. Os ovários transplantados estavam rodeados de tecido conjuntivos, bem vascularizados e com folículos ovarianos em vários estádios de desenvolvimento. CONCLUSÕES: Obteve-se, com sucesso, a fertilização natural e manutenção hormonal feminina em coelhas submetidas a transplante homógeno de tecido ovariano sem anastomose vascular e imunossuprimidos pela ciclosporina. Resumo em inglês OBJETIVO: To verify the fertility of rabbits submitted to allogenic ovarian transplantation without vascular pedicle and immunosupressed by cyclosporine. METHODS: Ten New Zealand White and California female rabbits were submitted to ovaries exchanging between pairs of animals. In one side the ovary was intact and in the other side the ovary was sliced. Cyclosporine was administered through a 12 Fr orogastric tube, every day during six months. Three months later, the anima (mais) ls were daily paired with sexually mature New Zealand White males during other six months. At the end of the follow-up period, blood samples were withdrawn for estradiol, progesterone, follicle stimulating hormone and luteinizing hormone assessment. Then, all animals were killed. Hystological studies of uterus, ovaries and tubes were carried out. RESULTS: Pregnancy occurred in five rabbits, and four of them had live litters. Hormones levels were normal in all animals. Transplanted ovaries were surrounded by connective tissue, they were well vascularized and contained follicles in different stages of development. CONCLUSIONS: Rabbits submitted to allogeneic ovarian transplantation without vascular pedicle and immunosupressed by cyclosporine maintain fertility and female hormone function.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

21

Infecção por Scedosporium apiospermum e tratamento com Voriconazol/ Scedosporium apiospermum infection and treatment with Voriconazole

Bonamigo, Renan Rangel; Auler, Alexandre; Duro, Kauê Marcolin; Cartell, André
2007-12-01

Resumo em português A infecção pelo Scedosporium apiospermum pode tornar-se grave quando afeta pacientes imunodeprimidos, contexto em que diagnóstico e tratamento são geralmente difíceis. Os autores apresentam caso de paciente diabética usuária de ciclosporina, metotrexato e corticoesteróide sistêmico para o tramento de artrite reumatóide e que apresentou úlceras cutâneas pelo S. apiospermum. Após uso de itraconazol, sem sucesso, ocorreu resolução do quadro com o uso de voriconazol, nova alternativa para determinadas infecções fúngicas. Resumo em inglês Infection by Scedosporium apiospermum may be severe when it affects immunosuppressed patients, circumstances under which diagnosis and treatment are difficult. The authors present the case of a diabetic patient using cyclosporine, methotrexate and systemic steroids to treat rheumatoid arthritis, who presented ulcers caused by S. apiospermum. After unsuccessful treatment with itraconazole, there was good response to voriconazole therapy. This drug represents a new alternative for the treatment of fungal infections.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

22

Experiência com transplante cardíaco heterotópico em pacientes com resistência pulmonar elevada: seguimento tardio/ Experience with heterotopic heart transplantation in patients with elevated pulmonary vascular resistance: late follow-up/ Experiencia con trasplante cardíaco heterotópico en pacientes con resistencia pulmonar elevada: seguimiento tardío

Vila, Jose Henrique Andrade; Silva, José Pedro da; Fonseca, Luciana da; Baumgratz, José Francisco; Tangari Jr, Américo; Leite, Weverton Ferreira; Guilhen, Claudia Jesus; Armelin, Egas
2010-02-01

Resumo em português FUNDAMENTO: Nos últimos anos o numero de artigos sobre transplante cardíaco heterotópico tem sido escasso na literatura, inclusive internacional, e em particular do seguimento de longo prazo destes pacientes, o que levou ao presente relato. OBJETIVO: Relatar a experiência clínica inicial e evolução tardia de quatro pacientes submetidos a transplante cardíaco heterotópico, sua indicação e principais complicações. MÉTODOS: As cirurgias ocorreram entre 1992 e 2 (mais) 001, sendo que a indicação de transplante heterotópico, em todas, foi pela RVP, variável de 4,8UW a 6.5UW, com gradiente transpulmonar acima de 15mmHg. No 3º paciente, foi realizada uma anastomose direta entre as artérias pulmonares sem emprego de tubo protético e, no coração nativo, foi realizada uma valvoplastia mitral e aneurismectomia de ventrículo esquerdo (VE). O esquema imunossupressor imediato foi duplo com ciclosporina e azatioprina nos três primeiros pacientes e ciclosporina e micofenolato mofetil no 4º paciente. RESULTADOS: Um óbito imediato por falência do enxerto, um óbito após dois anos e meio por endocardite em trombo intraventricular no coração nativo, e um terceiro óbito seis anos após o transplante, por complicações pós-operatórias de cirurgia na valva aórtica do coração nativo. O remanescente, 15 anos após o transplante, encontra-se bem, em classe funcional II (NYHA), seis anos após a oclusão cirúrgica da valva aórtica do coração nativo. CONCLUSÃO: O transplante cardíaco heterotópico é um procedimento com resultado inferior ao transplante cardíaco ortotópico, por apresentarem maior RVP. Os trombos intraventriculares no coração nativo, que exigem anticoagulação prolongada, bem como as complicações de válvula aórtica, também no coração nativo, podem exigir tratamento cirúrgico. Entretanto, em um paciente, a sobrevida de 15 anos mostrou a eficácia de longo prazo desse tipo de alternativa, para pacientes selecionados. Resumo em espanhol FUNDAMENTO: En los últimos años el número de artículos sobre trasplante cardíaco heterotópico y, en particular, del seguimiento a largo plazo de estos pacientes, ha sido escaso en la literatura, inclusive internacional, lo que llevó al presente relato. OBJETIVO: Relatar la experiencia clínica inicial y la evolución tardía de cuatro pacientes sometidos a trasplante cardíaco heterotópico, su indicación y principales complicaciones. MÉTODOS: Las cirugías se re (mais) alizaron entre 1992 y 2001, y la indicación de trasplante heterotópico, en todas, fue mediante RVP, variable de 4,8 UW; a 6.5 UW, con gradiente transpulmonar superior a 15 mmHg. En el tercer paciente, se realizó una anastomosis directa entre las arterias pulmonares sin empleo de tubo prostético, y, en el corazón nativo, se realizó una valvuloplastia mitral y aneurismectomía de VI. El esquema inmunosupresor inmediato fue doble, con ciclosporina y azatioprina en los tres primeros pacientes y ciclosporina y micofenolato mofetil en el cuarto paciente. RESULTADOS: Un óbito inmediato por falla del injerto, un óbito luego de dos años y medio por endocarditis en trombo intraventricular en el corazón nativo, y un tercer óbito seis años después del trasplante, por complicaciones postoperatorias de una cirugía en la válvula aórtica del corazón nativo. El restante, 15 años después del trasplante, se encuentra bien, en clase funcional II (NYHA), seis años después de una oclusión quirúrgica de la válvula aórtica del corazón nativo. CONCLUSIÓN: El trasplante cardíaco heterotópico es un procedimiento con resultado inferior al trasplante cardíaco ortotópico, por presentar mayor RVP. Los trombos intraventriculares en el corazón nativo, que exige anticoagulación prolongada, así como las complicaciones de válvula aórtica, también en el corazón nativo, pueden exigir tratamiento quirúrgico. Sin embargo, en un paciente, la sobrevida de 15 años mostró la eficacia a largo plazo de este tipo de alternativa, para pacientes seleccionados. Resumo em inglês BACKGROUND: Along the past few years the number of papers on heterotopic cardiac transplant has been very scarce in the medical literature, including at the international level; this is particularly true in reference to the long term follow-up of these patients and the reason which led to the presentation of our report. OBJECTIVE: To report the initial clinical experience and late evolution of 4 patients undergoing heterotopic heart transplantation, indications for this p (mais) rocedure and its major complications. METHODS: The surgeries were performed between 1992 and 2001, and all had as indication for heterotopic transplantation the PVR, which ranged from 4.8 WU to 6.5WU, with a transpulmonary gradient above 15mmHg. In the 3rd patient, a direct anastomosis between the pulmonary arteries was performed without the use of a prostetic tube, and a mitral valvuloplasty and a LV aneurysmectomy were performed in the native heart. The immediate immunosuppressive regimens were double, with cyclosporine and azathioprine in the first 3 patients, and cyclosporine and mycophenolate mofetil in the 4th patient. RESULTS: One immediate death occurred from graft failure, one death occurred after 2 ½ years, from endocarditis in an intraventricular thrombus in the native heart, and a third death occurred 6 years after transplantation, from post-operative complications of the aortic valve surgery in the native heart. The remaining patient is well, 15 years after the transplantation. This patient is in functional class II (NYHA), 6 years after a surgical occlusion of the native heart aortic valve. CONCLUSION: Heterotopic heart transplantation results are inferior to those of orthotopic heart transplantation because they present higher RVP. The intraventricular thrombi, in the native heart, which require prolonged anticoagulation, and aortic valve complications, also in the native heart, may require surgical treatment. However, a patient's 15-year survival has demonstrated a long-term effectiveness of this option for selected patients.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

23

Avaliação endócrina e morfológica de transplante ovariano homógeno/ Endocrine and morphological assessment of ovarian homologous transplantation

Petroianu, Andy; Alberti, Luiz Ronaldo; Vasconcellos, Leonardo de Souza; Leite, Juliana Moysés; Castro, Lúcia Porto Fonseca de
2004-06-01

Resumo em português INTRODUÇÃO: A insuficiência ovariana decorre de ooforectomia bilateral em diversas afecções do ovário, como neoplasia e sepse, além de quimioterapia, radiação pélvica e fatores relacionados à idade. Suas complicações sistêmicas, como insuficiências hormonais, podem ser de difícil controle. OBJETIVOS: Avaliar aspectos endócrinos e histológicos ovarianos após seu transplante ortotópico, sem anastomose vascular e submetidos à imunossupressão pela ciclos (mais) porina. MATERIAL E MÉTODO: Foram utilizadas 12 coelhas da raça Nova Zelândia Branca (n = 6) e Califórnia (n = 6), divididas em dois grupos: grupo 1 (n = 4), de controle, submetido apenas a laparotomia, sem outro procedimento cirúrgico; e grupo 2 (n = 8), submetido a ooforectomia bilateral e transplante ortotópico dos ovários, que foram trocados entre as duas raças de animais. De um lado, foi transplantado o ovário íntegro e, do outro, o ovário fatiado. Não houve anastomose vascular. As coelhas foram imunossuprimidas com ciclosporina (10mg/kg ao dia). No final do período de acompanhamento de seis meses, foram feitas dosagens de estradiol, progesterona, hormônio foliculoestimulante (FSH) e hormônio luteinizante (LH), além de estudo histológico de ovários, tuba uterina e útero. RESULTADOS: Os ovários transplantados estavam rodeados por tecido conjuntivo, bem vascularizados, mostrando folículos em diferentes estádios de desenvolvimento. A histologia tubária e uterina também foi preservada em ambos os grupos. A dosagem hormonal foi normal em todas as coelhas, indicando que, do ponto de vista endócrino, o ovário transplantado estava funcionando. O transplante ovariano homógeno ortotópico, sem pedículo vascular e submetido à imunossupressão pela ciclosporina, foi eficaz para a manutenção de hormônios ovarianos em níveis normais. Resumo em inglês INTRODUCTION: Ovarian failure may be due to bilateral oophorectomy on several ovarian diseases, such as infection and neoplasm; chemo and radiotherapy as well as factors related to age led to endocrine disturbances followed by systemic complications. OBJECTIVES: To assess endocrine and histological ovarian aspects following allogeneic ovarian transplantation without vascular pedicle and immunosupressed by cyclosporine. MATERIAL AND METHOD: Twelve female New Zealand White (mais) and California rabbits were divided into 2 Groups: group 1 (n = 4), sham operation; and group 2 (n = 8), submitted to a laparotomy and ovarian bilateral transplantation between pairs of animals. In one side the ovary was intact and in the other side the ovary was sliced. At the end of the follow-up period, blood samples were studied for estradiol, progesterone, FSH and LH. At the end of the experiment, histological studies of ovaries, uterus and tubes were carried out. RESULTS: The ovary implants were surrounded by connective tissue; they were well vascularized, and presented follicles in different stages of development. Hormonal values were normal in all rabbits. CONCLUSIONS: Allogeneic orthotopic ovarian transplantation without vascular pedicle and immunosupressed by cyclosporine was effective to preserve normal level of ovarian hormone.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

24

Síndrome de Felty: relato de caso e revisão da terapêutica/ Felty's syndrome: case report and review of therapeutics

Souza, Ênio Ricardo Vasconcelos; Bezerra, Fabiane Castilho; Passos, Luiz Fernando de Souza; Ribeiro, Sandra Lúcia Euzébio
2007-08-01

Resumo em português Os autores relatam um caso de artrite reumatóide, com 20 anos de evolução, que desenvolveu neutropenia e esplenomegalia em uso de 20 mg de metotrexato, que persistiu mesmo com sua substituição pela ciclosporina A. Apresentou infecções de orofaringe, pele e trato urinário. Após afastar doenças hematológicas, o diagnóstico foi de síndrome de Felty. Realizou-se o tratamento com antibioticoterapia, fator estimulador de colônia de granulócitos e macrófagos, pul (mais) soterapia com metilprednisolona e leflunomida. Evoluiu inicialmente com melhora clínica e laboratorial. Após 2 meses de uso do leflunomida, foi admitida em pronto-socorro com quadro de sepse, ocorrendo o óbito em poucas horas Resumo em inglês The authors describe the case of a 42 years-old female patient with rheumatoid arthritis WITH A 20 years OF FOLLOW-UP. The patient was using METHOTREXATE (20 mg/WEEK); she developed neutropenia and splenomegaly that persisted despite changing medication for cYclosporine A. She then developed oropharyngeal, skin and urinary tract infections. After excluding for hematological affections, she was diagnosed as presenting Felty's syndrome. She was started on antibiotics while (mais) receiving also granulocyte-macrophage colony stimulating factor, pulsed methylprednisolone, andleflunomide. Two moths after the initiation ofleflunomide, she was admitted to an emergency hospital unit with septic shock that resulted in her death in a few hours

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

25

Agentes imunossupressores, talidomida e ácido valpróico nas síndromes mielodisplásicas/ Immunosuppressive agents, thalidomide and valproate acid in myelodysplastic syndromes

Velloso, Elvira R. P.
2006-09-01

Resumo em português Agentes imunossupressores, como a globulina antitimocítica (GAL) ou antilinfocítica (GAL) e a ciclosporina A têm mostrado eficácia nas SMD, particularmente nos subtipos Anemias refratária (AR) e nas SMD com fenótipo HLA-DR15, independente do grau de celularidade medular. Outras drogas disponíveis em nosso meio, de baixo custo, como a talidomida podem ser utilizada em pacientes refratários, e o ácido valpróico está sendo utilizado em ensaios clínicos. A quantif (mais) icação da resposta a drogas deve utilizar os critérios de resposta do International Working Group (IWG). É proposto um fluxograma para uso de fatores de crescimento, agentes imunossupressores e talidomida em pacientes com SMD, de baixo risco, não candidatos a transplante de medula óssea (TMO). Resumo em inglês Patients with refractory anemia subtypes and HLA-DR15 with any degree of marrow cellularity have good responses to immunosuppressive agents, such as antithymocyte globulin, antilymphocyte globulin and cyclosporine A. Other cheaper drugs available in Brazil, including thalidomide may be useful in refractory patients. Valproate acid has started to be used in clinical trials. Response to treatment should be reported using the criteria proposed by the International Working Gr (mais) oup. The use of growth factors, immunosuppressive agents and thalidomide in low risk patients with myelodysplastic syndromes who are not candidates for hematopoietic stem cell transplantation is suggested at the end of this publication.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

26

Fototerapia/ Photohterapy

Duarte, Ida; Buense, Roberta; Kobata, Clarice
2006-02-01

Resumo em português Fototerapia é utilizada para tratar uma grande variedade de dermatoses. Desde o século passado a fototerapia tem sido utilizada em várias modalidades, com irradiação UVA ou UVB. Está indicada para todos os tipo de dermatoses inflamatórias e com período crônico de evolução, como vitiligo, pasoríase, parapsoríase, linfomas cutâneos de células T, eczemas crônicos, demonstrando bons resultados terapêuticos. Pode ser utilizada como monoterapia ou associada a o (mais) utras drogas, como retinóides, metotrexate, ciclosporina, com objetivo de diminuir o tempo de tratamento e as doses das medicações mencionadas. Como os demais tipos de tratamento, a fototerapia apresenta algumas limitações, como a necessidade de equipamentos específicos, a adesão do paciente, a possibilidade de indicação ao paciente e a dose cumulativa de irradiação UV. A fototerapia deve ser conduzida com seguimento criterioso para a obtenção de resposta efetiva com poucos efeitos colaterais. Resumo em inglês Phototherapy has been used to treat a large variety of dermatoses since the past century. It is classified according to the type of irradiation (UVA or UVB). Phototherapy is indicated for all types of inflammatory and chronic skin diseases, such as vitiligo, psoriasis, parapsoriasis, cutaneous T-cell lymphomas and chronic eczemas, with good therapeutic results. It can be used as monotherapy or associated with others drugs, such as retinoids, methotrexate and cyclosporine, (mais) aiming to reduce length of treatment and doses. Like other treatments, phototherapy has some limitations - it requires specific equipment, patient's compliance, has restricted indications and leads to cumulative UV doses. The therapy must be performed with strict follow-up to obtain effective therapeutic response and few adverse effects.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

27

O cuidado de enfermagem e o cateter de Hickman: a busca de evidências/ Nursing care and Hickman’s catheter: the search for evidence/ El cuidado de enfermeria y el catéter Hickman: la búquela de evidencias

Silveira, Renata Cristina de Campos Pereira; Galvão, Cristina Maria
2005-09-01

Resumo em português INTRODUÇÃO: Os pacientes submetidos ao transplante de medula óssea (TMO) necessitam de um acesso venoso seguro para a infusão da medula óssea. A implantação de um cateter venoso central é parte da terapêutica, sendo o de Hickman o mais utilizado atualmente; entretanto, sua presença impõe riscos, sendo a infecção, o mais preocupante. OBJETIVO: Revisão integrativa da literatura, que teve como objetivo buscar e avaliar as evidências sobre os cuidados de enferm (mais) agem relacionados ao cateter de Hickman. MÉTODO: Para a seleção dos artigos utilizamos as bases de dados Lilacs, Medline, Cinahl e o periódico Bone Marrow Transplantation, e a amostra constituiu-se de 18 artigos. RESULTADOS: O curativo recomendado é o de poliuretano trocado a cada 7 dias. O método de coleta de sangue observado foi o de descarte, sendo que a dosagem de ciclosporina não deve ser coletada da mesma via onde foi infundida. A redução do número de manipulações do cateter é considerada uma medida eficaz na prevenção e no controle de infecção. CONSIDERAÇÕES FINAIS: As evidências extraídas dos estudos analisados podem auxiliar a implementação de cuidados de enfermagem eficazes relacionados ao cateter de Hickman. Resumo em espanhol INTRODUCIÓN: Los pacientes sometidos al trasplante de médula ósea (TMO) necesitan de un acceso venoso seguro para la infusión de la médula ósea. La implantación de un catéter venoso central hace parte de la terapéutica siendo el de Hickman el más utilizado actualmente; sin embargo, su presencia impone riesgos a los pacientes, el más preocupante de los cuales es la infección. OBJETIVO: La finalidad de esta revisión integradora de la literatura fue buscar y eva (mais) luar las evidencias sobre los cuidados de enfermería relacionados al catéter Hickman. MÉTODO: Para seleccionar los artículos utilizamos las bases de datos Lilacs, Medline, Cinahl y la publicación Bone Marrow Transplantation, y la muestra consistió en 18 artículos. RESULTADOS: El vendaje recomendado es el de poliuretano cambiado cada 7 días. El método de colecta de sangre observado fue el de desecho, en el que el dosaje de ciclosporina no debe ser colectado de la misma vía donde fue infundido. La reducción del número de manipulaciones del catéter es considerada una medida eficaz en la prevención y en el control de infección. Las evidencias extraídas de los estudios analizados pueden auxiliar la implementación de cuidados de enfermería eficaces relacionados al catéter Hickman. Resumo em inglês BACKGROUND: Patients submitted to Bone Marrow Transplantation (BMT) need a safe venous access for the infusion of bone marrow. The implantation of a central venous catheter is a part of therapy, with Hickman’s catheter as the most commonly used type; however, its presence entails risks, the most preoccupying of which is infection. OBJECTIVE: Integrative literature review aimed to look for and evaluate evidence on nursing care related to Hickman’s catheter. METHOD: Artic (mais) les were selected from the Lilacs, Medline and Cinahl databases and from the journal Bone Marrow Transplantation. The sample consisted of 18 articles. RESULTS: Polyurethane dressings are recommended, to be changed every 7 days. The observed blood collection method was through discarding, in which the cyclosporine dose should not be collected from the same pathway it was infused in. Reducing the number of catheter manipulations is considered an efficient measure for infection prevention and control. CONCLUSION: The evidence taken from the studies that were analyzed can be of help in the implementation of efficient nursing care related to Hickman’s catheter.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

28

Dermatomiosite juvenil: revisão e atualização em patogênese e tratamento/ Juvenile dermatomyositis: review and update of the pathogenesis and treatment

Rosa Neto, Nilton Salles; Goldenstein-Schainberg, Cláudia
2010-06-01

Resumo em português A dermatomiosite juvenil (DMJ) é uma doença autoimune caracterizada por vasculopatia sistêmica. Manifestações principais da DMJ incluem fraqueza muscular proximal simétrica, elevação de enzimas musculares séricas e lesões cutâneas, dentre as quais o heliotropo e as pápulas de Gottron são patognomônicas. Reconhecimento precoce e instituição rápida de terapia adequada permitem melhorar o prognóstico da doença e evitar o aparecimento de calcinose. Embora a (mais) base do tratamento seja o glicocorticoide, os imunossupressores mais frequentemente associados são metotrexato, ciclosporina, azatioprina e ciclofosfamida, dependendo da gravidade da DMJ. Atualmente investiga-se a utilidade dos imunobiológicos nos casos refratários, mas os resultados são controversos ou pouco expressivos. Pretende-se neste artigo fazer uma revisão sobre DMJ, com ênfase em recentes atualizações na sua patogênese e tratamento. Resumo em inglês Juvenile dermatomyositis (JDM) is an autoimmune disease characterized by systemic vasculopathy. Its main manifestations include symmetrical proximal muscle weakness, elevated serum muscle enzymes and cutaneous lesions, among which the heliotrope and Gottron's papules are pathognomonic. Early recognition and prompt therapy allow better prognosis and prevent the development of calcinosis. Although the treatment is based on glucocorticoids, the more commonly associated immun (mais) osuppressors include methotrexate, azathioprine, cyclosporine, and cyclophosphamide, depending on the severity of disease. The use of immunobiologicals for refractory cases remains under investigation, but the results are controversial or inexpressive. In this review, we highlight recent updates on the pathogenesis and treatment of JDM.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

29

Síndrome de ativação macrofágica após uso de Leflunomida em paciente com doença de Still do adulto: relato de caso/ Macrophage activation syndrome following the use of Leflunomide in a patient with adult-onset Still disease: case report

Rosa, Dario Júnior de Freitas; Nogueira, Cristianne Medeiros; Bonfante, Herval de Lacerda; Machado, Luana Gerheim; Rodrigues, Daniela de Oliveira Werneck; Fernandes, Guilherme Côrtes; Oliveira, Ricardo Baesso de
2007-06-01

Resumo em português Paciente do sexo feminino, 32 anos de idade, com doença de Still do adulto, após 15 dias da introdução de leflunomida é admitida com quadro de febre persistente e crise convulsiva tônico-clônica generalizada, rapidamente evoluindo com hepatosplenomegalia, distúrbio da função hepática, trombocitopenia, elevação da lactato-desidrogenase, hipertrigliceridemia, hiperferritinemia e insuficiência renal, levando ao diagnóstico de síndrome de ativação macrofági (mais) ca, uma complicação rara das doenças reumatológicas que resulta de ativação e proliferação incontrolada de linfócitos T e de excessiva ativação de macrófagos. Pode evoluir com coagulação intravascular disseminada, sendo o envolvimento renal raro. A terapêutica deve ser por meio de pulsoterapia com metilpredinisolona e ciclosporina. Resumo em inglês A 32-year-old white female, with adult-onset Still disease, was admitted following a 15-day course of leflunomide, with persistent fever and a generalized tonic-clonic seizure. She quickly developed liver and spleen enlargement, impairment of liver function, thrombocytopenia, elevation of lactate-dehydrogenase, trylicerides and ferritin, and renal failure, being diagnosed with the macrophage activation syndrome, a rare complication of rheumatic diseases due to activation (mais) and uncontrolled proliferation of T lymphocytes and excessive macrophage activation. The syndrome may lead to disseminated intravascular coagulation, renal impairment being a rare event. Pulse therapy with methylprednisolone and cyclosporine are the therapeutic options.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

30

Investigação de neuropatia periférica durante o período recente do transplante de medula óssea/ Peripheral neuropathy investigation in the early stage of bone marrow transplantation

ZÉTOLA, VIVIANE H. FLUMIGNAN; SCOLA, ROSANA HERMÍNIA; PASQUINI, RICARDO; WERNECK, LINEU CESAR
1998-06-01

Resumo em português Investigamos prospectivamente a incidência de neuropatia periférica em 43 pacientes através do estudo da velocidade de condução nervosa e do teste de limiar de sensibilidade vibratória (palestesiômetro) realizados antes e após o transplante de medula óssea. Nesse período as principais drogas utilizadas para o condicionamento e imunossupressão foram o bussulfan, ciclofosfamida, ciclosporina A, methotrexate e corticoesteróides. Foram estudadas as velocidades de (mais) condução nervosa nos nervos mediano motor, fibular, tibial, mediano sensitivo e sural. Obtivemos alterações estatisticamente significativas na duração do potencial composto proximal do nervo mediano motor, na amplitude distal do nervo tibial posterior e na amplitude proximal do nervo sural. As diferenças observadas não se correlacionaram com alterações clínicas, e não foram suficientes para o diagnóstico de neuropatia periférica. Acreditamos que o esquema terapêutico utilizado não provoca toxicidade neurológica periférica no período recente do transplante de medula óssea. Resumo em inglês Forty-three patients with several hematological diseases in the early stage of bone marrow transplantation were prospectively studied. All patients underwent a complete neurological examination, vibratory sense perception test and nerve conduction study both before and after the bone marrow transplantation. The following nerves were studied: median, peroneal, posterior tibial (motor), median and sural (sensitive). Most patients were in busulphan, cyclophosphamide, cyclosp (mais) orine A, methotrexate and corticosteroids. Although the results showed statistical differences in the nerve conduction study, all of these differences were not sufficient to induce or diagnose peripheral nerve injury. Therefore, it was concluded that drugs used in the bone marrow transplantation do not induce peripheral neuropathy.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

31

Feo-hifomicose subcutânea por Exophiala jeanselmei: registro de três casos em transplantados renais/ Subcutaneous phaeohyhomycosis caused by Exophiala jeanselmei: report of three cases in kidney transplant patients

Sabbaga, Emil; Tedesco-Marchesi, Leontina Margarido; Lacaz, Carlos da Silva; Cucé, Luiz Carlos; Salebian, Alberto; Heins-Vaccari, Elisabeth Maria; Sotto, Miriam Nacagami; Valente, Neusa Yuriko Sakai; Porto, Edward; Levy Neto, Maurício
1994-04-01

Resumo em português São registrados três casos de feo-hifornicose subcutânea em transplantados renais provocados pela Exophiala jeanselmei (Langeron) McGinnis et Padhye 1977, fungo demácio capaz, também, de produzir raramente eumicetoma de grãos pretos. Este fungo, segundo KWON-CHUNG & BENNETT, 1992(27) é antigenicamente muito heterogêneo, sendo identificados até o presente momento três sorotipos com subgrupos dentro de cada um deles. A feo-hifomicose subcutânea vem se tornando ca (mais) da vez mais freqüente em transplantados renais, submetidos a terapêutica imunodepressora. Como a Exophiala jeanselmei já foi isolada do meio ambiente, torna-se dificil explicar a patogenia desses casos por um despertar ou reativação de processos quiescentes. Os Autores fizeram ampla revisão da literatura, registrando principalmente os casos de feo-hifomicose publicados no Brasil. Sugerem também, eventual ação fungistática da ciclosporina A sobre a Exophiala jeanselmei. Resumo em inglês We report three cases of subcutaneous phaeohy-phomycosis due to Exophiala jeanselmei (Langeron) McGinnis et Padhye 1977, in kidney transplant patients. Exophiala jeanselmei is a dematious fungus having also ability to rarely procedure eumycetoma (black grains). According to KWON-CHUNG & BENNETT (1992)27 such fungus is antigenically very heterogeneous, since so far three serotypes have been identified; each serotype including subgroups. Subcutaneous phaeohyphomycosis is be (mais) coming more and more frequent in kidney transplant patients submitted to an immunosupressive treatment. As Exophiala jeanselmei has already been isolated from the environment it becomes difficult to explain the pathogenicity of these cases by a reactivation of quiescent processes. The authors suggest an occasional fungistatic action of cyclosporine A upon Exophiala jeanselmei. A review of the literature was carried out with the report mainly of cases published in Brazil.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

32

Influência da imunossupressão na regeneração nervosa com utilização de aloenxertos: Estudo experimental em ratos/ Influence of immunosupression on nerve regeneration using allografts: an experimental study on rats

Tuma Júnior, Paulo; Ferreira, Marcus Castro; Nakamoto, Hugo Alberto; Milcheski, Dimas André; Cheroto Filho, Aylton
2008-01-01

Resumo em português A enxertia alógena de nervo teve seu interesse renovado após o desenvolvimento de melhores drogas imunossupressoras. Neste trabalho estudou-se a enxertia alógena de nervo utilizando a técnica de planimetria por contagem de pontos.Foram considerados três grupos: Grupo A - ratos Lewis que receberam enxertos de nervo de doadores isogênicos; Grupo B - ratos Lewis que receberam enxertos de nervo de ratos doadores Brown-Norway e foram tratados com solução salina; Grupo (mais) C - ratos Lewis que receberam enxertos de nervo de ratos doadores Brown-Norway e foram tratados com ciclosporina. A regeneração neural foi avaliada por análise histológica e estudos histomorfométricos depois de 6 e 12 semanas. Com 6 semanas, a densidade de fibras neurais e a porcentagem de tecido neural no grupo de enxertos alógenos com imunossupressão (grupo C) era significativamente mais alta do que no grupo B. Os grupos de enxertos alógenos (grupo B e C) mostraram densidade menor de fibras de nervo e porcentagem de tecido neural que no grupo de enxerto autógeno (grupo A) tanto com 6 quanto com 12 semanas.O método de planimetria por contagem de pontos produziu resultados precisos e reprodutíveis. Resumo em inglês PURPOSE: This paper was aimed to study nerve regeneration after allografting using conventional point counting technique. INTRODUCTION:The interest towards nerve allografting has been growing since the recent development of better immunosuppressant drugs. METHODS: Three groups were studied: Group A - Lewis rats receiving nerve grafts from isogenic donors; Group B - Lewis rats receiving nerve grafts from Brown-Norway donor rats and treated with saline solution; Group C - L (mais) ewis rats receiving nerve grafts from Brown-Norway donor rats and treated with cyclosporine. Nerve regeneration was evaluated by histological analysis and by histomorphometric studies after 6 and 12 weeks. RESULTS: At 6 weeks, nerve fiber density and the percentage of neural tissue in the immunosupressed allograft group (C) were significantly higher than in group B. Allograft groups (B and C) showed significantly lower nerve fibers density and percentage of neural tissue when compared to the autograft group A at 6 or 12 weeks. CONCLUSIONS: We conclude that the point counting method was simpler to use than the computerized model, and yielded accurate and reproducible results.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

33

Prevalência e fisiopatologia da litíase biliar em pacientes submetidos a transplante de órgãos/ Prevalence and physiopathology of gallstone in transplant patients

Coelho, Júlio Cesar Uili; Contieri, Fabiana Loss de; Matias, Jorge Eduardo Fouto; Parolin, Mônica Beatriz; Godoy, Jose Luiz de
2009-06-01

Resumo em português INTRODUÇÃO: O objetivo do presente estudo é apresentar revisão da prevalência e dos principais mecanismos fisiopatológicos que levam a formação da litíase biliar em pacientes submetidos a transplante de órgãos. MÉTODOS: Revisão da literatura abrangendo 29 publicações obtidas das bases Medline/Pubmed, Scielo e Lilacs com cruzamento dos unitermos "transplante, transplante renal, transplante hepático, cálculo biliar, colecistite.". Vários estudos que utiliz (mais) aram a ultrassonografia demonstraram aumento na prevalência da litíase biliar em pacientes submetidos a transplante de órgãos. A taxa de formação de cálculos novos após o transplante variou de 10 a 55% e a total (cálculos formados antes e após o transplante) de 17 a 68%. Tanto o ganho como a perda de peso rápida, que podem ocorrer após o transplante, predispõem à formação de cálculos biliares. O uso do imunossupressor ciclosporina é considerado como o principal fator que aumenta a incidência de litíase biliar após o transplante. CONCLUSÃO: A prevalência de litíase biliar é maior nos pacientes submetidos a transplante de órgãos do que na população geral. As principais alterações que ocorrem no paciente transplantado que predispõem a formação dos cálculos são as alterações do peso corporal, uso de imunossupressores, diabete melito e hiperlipidemia. Resumo em inglês INTRODUCTION: The objective of the present study is to review the prevalence and the main physiopathologic mechanisms that result in gallstone formation in transplant patients. METHODS: Literature review with 29 papers included in Medline/Pubmed, Scielo and Lilacs database, crossing key-words "transplantation; kidney transplantation; liver transplantation; gallstone; cholecystitis". Several ultrasonographic studies have demonstrated an increase in gallstone prevalence in (mais) transplant patients. The formation rate of new stones after transplantation varied from 10 to 55% and the rate of total stones (stone formed before and after transplantation) varied from 17 to 68%. Both weight gain and rapid weight loss that may occur after transplantation predispose to gallstone formation. Cyclosporine is considered the most important factor in the development of gallstone after transplantation. CONCLUSION: The prevalence of gallstones is higher in transplant patients. The main risk factors are change in body weight, use of immunosuppressors, diabetes mellitus, and hiperlipidemia.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

34

Consenso expandido do BCTRIMS para o tratamento da esclerose múltipla: I. As evidências para o uso de imunossupressores, plasmaférese e transplante autólogo de células tronco/ The BCTRIMS Expanded Consensus on treatment of multiple sclerosis: I. The evidences for the use of immunossupressive agents, plasma exchange and autologous hematopoietic stem cell transplantation

Callegaro, Dagoberto; Lana-Peixoto, Marco Aurélio; Moreira, Marcos Aurélio; Marchiori, Paulo Eurípedes; Bacheschi, Luiz Alberto; Arruda, Walter Oleschko; Campos, Gilberto Belisário; Lino, Angelina Maria Martins; Melo, Aílton Souza; Rocha, Fernando Coronetti Gomes da; Ferreira, Maria Lúcia Brito; Ataíde Júnior, Luiz; Maciel, Damacio Ramón Kaimen
2002-09-01

Resumo em português O tratamento da esclerose múltipla (EM) com imunossupressores teve início na década de 60. As observações laboratoriais e clínicas de que a doença tinha um caráter inflamatório induziu os clínicos a utilizarem medicamentos citostáticos e imunossupressores. Foram assim incorporados ao arsenal terapêutico da EM as drogas utilizadas em outras doenças inflamatórias sistêmicas como a artrite reumatóide e o lupus eritematoso sistêmico. As drogas imunossupressor (mais) as mais utilizadas são a ciclofosfamida, azatioprina e o metotrexate. A ciclosporina e a cladribina foram utilizadas mais recentemente para o controle da EM na forma recorrente-remitente (RR). O mitoxantrone foi aprovado pelo FDA em 2000 para as formas mais agressivas, tanto RR, como secundariamente progressiva (SP) ou primariamente progressiva (PP). Outras formas de tratamento como plasmaférese e transplante autólogo de células tronco (TACT), foram inseridas neste arsenal terapêutico com suas características específicas e para casos especiais. Resumo em inglês Since the sixties immunosuppressive agents have been used in the treatment of multiple sclerosis as there was cumulating evidence of the inflammatory nature of the disease. Cyclophosphamide, azathioprine and methotrexate have been the most frequently employed drugs whereas other agents such as cyclosporine and cladribine have been recently tested for RRMS. Mithoxantrone, on the other hand, was approved by the FDA for treatment of aggressive forms of the disease. Other imm (mais) unointerventions such as plasma exchange and autologous hematopoietic stem cell transplantation have recently been employed in some special circumstances. This paper analyses the most important published data on the use of the immunosuppressive agents, plasma exchange and autologous hematopoietic stem cell transplantation according to the classes of evidences and types of recommendations of these drugs and immunointerventions. It provides sufficient information to support the guidelines expressed in the BCTRIMS Expanded Consensus on Treatment of MS.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

35

Transplante cardíaco em Campo Grande - MS. Redução significativa de lesão coronária pós transplante: relato de caso

CALDAS, Marcos Vinícius R. P.; SANTOS, René André B.; FERREIRA JÚNIOR, Wilson; BARBOSA, Carlos Ildemar C.; COUTO, Gustavo José Ventura; JAZBIK NETO, João
1997-04-01

Resumo em português No Serviço de Cirurgia Cardíaca da Santa Casa de Campo Grande/MS - foi realizado, em 23 de setembro de 1994, um transplante cardíaco ortotópico no paciente C.A.D., 27 anos, portador de miocardiopatia dilatada idiopática, o qual transcorreu sem anormalidades. O paciente recebeu alta da UTI com 7 dias e alta hospitalar no 40º dia de pós-operatório, recebendo ciclosporina, azatioprina e prednisona para manutenção do enxerto, captopril, furosemida e aspirina. Aprese (mais) ntou no 1º ano de seguimento 2 episódios de rejeição, leve e moderada, sendo modificada a posologia dos imunossupressores. Em setembro de 1995, nos exames de seguimento, foi detectada, na coronariografia, lesão obstrutiva de 50% em artéria coronária direita. Decidiu-se modificar a terapêutica do paciente, iniciando diltiazen substituindo o captopril, e associando-se complexo vitamínico (betacaroteno, C e E) mais selênio, na tentativa de evitar progressão da lesão obstrutiva. Foi também realizada orientação dietética por nutricionista. Após 12 meses com a nova terapêutica, a coronariografia mostrou redução significativa da lesão obstrutiva em artéria coronária direita. Durante todo o período de seguimento o paciente apresentou níveis normais no lipidograma. Hoje o paciente encontra-se no terceiro ano de seguimento, assintomático e tendo suas atividades habituais sem intercorrências. Resumo em inglês The Cardiac Surgery Service of Campo Grande, Santa Casa/MS performed on September 23 rd, 1994 an orthotopic cardiac transplantation in a 27 year-old man with idiopathic dilated cardiomyopathy, which elapsed without abnormalities. The patient left the ICU in 7 days and was discharged at 40 th postoperative day, receiving cyclosporine, azathioprine and prednisone for graft support; captopril, furosemide and aspirin. Presented at one year follow-up, 2 rejection episodes, mil (mais) and moderate, when the immunesupressivet herapy dose was modified. On September 1995, at follow up, an obstructive lesion about 50% in the right coronary artery was detected on coronary angiography. We decided to change therapy; diltiazen substituted for captopril was associated with vitamin complex (betacarotene, C and E) plus selenium, in attempt to avoid obstructive lesion progression. Dietetic guidance by nutritionist was also performed. After twelve months on the new therapy, coronary angiography demonstrated a significative reduction of the obstructive lesion in the right coronary artery. At follow up the patient has presented normal level of serum lipids.Presently, the patient is on his third year follow up, asymptomatic and has performed is habitual work, without problems.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

36

Monitorização seqüencial do transplante renal com citologia aspirativa/ Aspiration citology in the sequential monitorization of kidney allografts

Manfro, R.C.; Gonçalves, L.F.S.; Moura, L.A.R de
1998-06-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar a utilidade da citologia aspirativa renal convencional na monitorização seqüencial da rejeição aguda de transplantes renais. MATERIAL E MÉTODO: 376 punções aspirativas renais em 30 pacientes transplantados. Os diagnósticos das situações clínicas em que as aspirações foram feitas foram estabelecidos de maneira independente. RESULTADOS: Na avaliação seqüencial "cega" obteve-se 82,7% de representatividade das amostras. Encontraram-se aument (mais) os significativos do incremento corrigido total (ICT) e dos números de células imunoativadas por lâmina nos episódios de rejeição aguda quando comparados aos valores obtidos durante os períodos de função estável do enxerto, necrose tubular aguda e nefrotoxicidade por ciclosporina. Os parâmetros diagnósticos para rejeição aguda foram: sensibilidade: 71,8%; especificidade: 87,3%; valor preditivo positivo: 50,9%; valor preditivo negativo: 94,4%; e acurácia: 84,9%. Os resultados falsos-positivos para rejeição foram devidos, principalmente, a infecção citomegálica ou subseqüentes ao uso de OKT3 para tratamento de episódios de rejeição aguda celular. Em 10 dos 11 resultados falsos-negativos, encontrou-se o diagnóstico de imunoativação incipiente, que deve ser considerado como um alerta para a possibilidade de rejeição aguda. CONCLUSÕES: A citologia aspirativa renal é um método útil na monitorização seqüencial da rejeição aguda no paciente transplantado renal. Os melhores resultados são obtidos quando os dados da citologia aspirativa são interpretados juntamente com o quadro clínico. Resumo em inglês OBJECTIVE: To evaluate the utility of kidney aspiration cytology in the sequential monitorization of acute rejection in renal transplant patients. PATIENTS AND METHODS: Thirty patients were submitted to 376 aspirations. The clinical diagnoses were independently established. RESULTS: The representativity of the samples reached 82.7%. The total corrected increment index and the number of immunoactivated cells were higher during acute rejection as compared to normal allograf (mais) t function, acute tubular necrosis, and cyclosporine nephrotoxicity. The parameters to the diagnosis of acute rejection were: sensitivity: 71.8%, specificity: 87.3%, positive predictive value: 50.9%, negative predictive value: 94.9% and accuracy 84.9%. The false positive results were mainly related to cytomegalovirus infection or to the administration of OKT3. In 10 out of 11 false negative results incipient immunoactivation was present alerting to the possibility of acute rejection. CONCLUSIONS: Kidney aspiration cytology is a useful tool for the sequential monitorization of acute rejection in renal transplant patients. The best results are reached when the results of aspiration cytology are analyzed with the clinical data.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

37

Síndrome de ativação macrofágica associada com artrite idiopática juvenil sistêmica/ Macrophage activation syndrome associated with systemic juvenile idiopathic arthritis

Silva, Clovis Artur A.; Silva, Carlos Henrique M.; Robazzi, Tereza Cristina M. V.; Lotito, Ana Paola N.; Mendroni Junior, Alfredo; Jacob, Cristina M. A.; Kiss, Maria Helena B.
2004-12-01

Resumo em português OBJETIVO: Descrever as características da síndrome de ativação macrofágica associada a artrite idiopática juvenil. DESCRIÇÃO DOS CASOS: Foram analisados retrospectivamente os prontuários de 462 pacientes com artrite idiopática juvenil. Destes, sete (1,5%) pacientes desenvolveram síndrome de ativação macrofágica; todos tinham a forma sistêmica da doença. A mediana de idade de início da artrite idiopática juvenil foi de 3 anos e 10 meses, e a mediana do te (mais) mpo de duração da artrite idiopática juvenil antes da síndrome de ativação macrofágica foi de 8 anos e 4 meses. Todos os pacientes apresentaram febre, icterícia, hepatoesplenomegalia, sangramentos, pancitopenia e elevação das enzimas hepáticas e dos tempos de coagulação e bilirrubina direta. Três casos apresentaram infecções associadas e um caso desenvolveu a síndrome de ativação macrofágica 2 semanas após a introdução de sulfasalazina. Três pacientes morreram. Proliferação macrofágica e hemofagocitose foram evidenciadas em cinco. A terapêutica da síndrome de ativação macrofágica incluiu pulsoterapia com metilprednisolona em todos, ciclosporina em três, plasmaférese em dois e gamaglobulina endovenosa em dois. COMENTÁRIOS: A síndrome de ativação macrofágica é uma complicação da artrite idiopática juvenil sistêmica com alta morbidade e mortalidade. Resumo em inglês OBJECTIVE: To describe the characteristics of macrophage activation syndrome associated with juvenile idiopathic arthritis. DESCRIPTION: This is a retrospective study involving 462 patients with juvenile idiopathic arthritis. Seven (1.5%) of those patients suffered from systemic onset juvenile idiopathic arthritis and developed macrophage activation syndrome. The median age of the juvenile idiopathic arthritis onset was 3 years and 10 months and the median duration of juv (mais) enile idiopathic arthritis before macrophage activation syndrome was 8 years and 4 months. All of them presented with fever, jaundice, hepatosplenomegaly, bleeding, pancytopenia, abnormal liver function tests and abnormal coagulation profile. Three cases presented associated infections and one patient developed macrophage activation syndrome two weeks after the administration of sulfasalazine. Three patients died and the macrophage hemophagocytosis was present in five. The treatment of macrophage activation syndrome included pulse therapy with methylprednisolone in all of them, cyclosporine A in three, plasma exchange in two and intravenous immunoglobulin in two. COMMENTS: Macrophage activation syndrome is a complication of the systemic onset juvenile idiopathic arthritis with a high morbidity and mortality rate.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

38

Anemia hemolítica auto-imune e outras manifestações imunes da leucemia linfocítica crônica/ Autoimmune hemolytic anemia and other autoimmune diseases related to chronic lymphocytic leukemia

Bordin, José O.
2005-12-01

Resumo em português A leucemia linfocítica crônica (LLC) é freqüentemente associada a manifestações auto-imunes principalmente relacionadas às células do sistema hematopoético causando anemia hemolítica auto-imune (AHAI), púrpura trombocitopênica imune (PTI), aplasia pura de série vermelha (APSV), e neutropenia imune. A LLC é diagnosticada em até 15% dos pacientes com AHAI, e em cerca de 50% dos pacientes com AHAI secundária a doença maligna. A PTI ocorre em 2%, e a APSV em (mais) 1% dos pacientes com LLC. Prednisona é o tratamento inicial de escolha para a citopenia imune associada à LLC. Para cerca de 60% dos pacientes que apresentam recidiva da manifestação auto-imune tem sido utilizada esplenectomia, imunoglobulina endovenosa, ou ciclosporina. Embora as evidências sobre fisiopatologia sejam limitadas, os mecanismos fisiopatológicos da auto-imunidade na LLC estão relacionados à atividade dos linfócitos B leucêmicos que atuam como células apresentadoras de antígeno aberrantes, e são eficientes em processar e apresentar proteínas da membrana de hemácias e de plaquetas às células TH auto-reativas. Linfócitos TH específicos para certos auto-antígenos podem escapar de mecanismos de controle de auto-tolerância, e, se ativados, podem causar doença auto-imune. O diagnóstico de AHAI contra-indica o uso de fludarabina em pacientes com LLC, pois esse análogo da purina tem sido associado ao desenvolvimento de AHAI grave e fatal, com risco consideravelmente mais alto para pacientes mais imunossuprimidos devido a vários tratamentos anteriores. Resumo em inglês Chronic lymphocytic leukemia (CLL) is frequently associated with autoimmune diseases directed against hematopoietic cells, including autoimmune hemolytic anemia (AIHA), immune thrombocytopenic purpura (ITP), pure red cell aplasia (PRCA), and immune neutropenia. CLL represents the diagnosis in up to 15% of the patients with AIHA, and in 50% of the patients with AIHA secondary to malignancy. ITP occurs in 2% and PRCA in about 1% of all CLL patients. Prednisone is the first- (mais) line treatment for immune cytopenia related to CLL. About 60% of patients relapse when treatment is stopped therefore splenectomy, intravenous immunoglobulin, or cyclosporine are reasonable second-line treatments. Although the data on pathophysiology are very limited, it appears that the autoimmune mechanisms are related to the activity of the leukemic B lymphocytes that act as aberrant antigen-presenting cells, and are effective in processing and presenting proteins derived from red cells or platelets to auto-reactive TH cells. TH cells specific for certain auto-antigens escape from control mechanisms and when activated may initiate auto-immune disease. Patients with AIHA secondary to CLL should not receive fludarabine because there is an increased frequency of severe and fatal AIHA in patients treated with purine nucleoside analogues. Patients who are more immunosuppressed due to several previous treatments are at higher risk for developing this auto-immune complication.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

39

Evolução a longo prazo e complicações da hipertensão arterial após transplante cardíaco/ Long-term follow-up and complications of arterial hypertension after cardiac transplantation

Bortolotto, Luiz Aparecido; Silva, Hélio Bernardes; Bocchi, Edmar A.; Bellotti, Giovanni; Stolf, Noedir; Jatene, Adib D.
1997-11-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar a evolução da hipertensão arterial (HA), e suas consequências, em pacientes submetidos a transplante cardíaco (TC) em uso de ciclosporina (CL). MÉTODOS: Em 65 pacientes submetidos a TC ortotópico, avaliamos a pressão arterial, creatinina sérica e níveis sangüíneos de CL nos períodos pré-operatório (15 dias antes do TC), pós-operatório precoce (15 e 30 dias) e tardio (6, 12, 24, 48 e 60 meses); em 20 pacientes analisamos índice cardíaco (mais) e resistência vascular no pré, 15 e 30 dias, 6 e 12 meses após TC; em 33 pacientes, estudamos estrutura e função ventricular ao ecocardiograma, 24±13 meses após TC. RESULTADOS: Após 30 dias, a HA estava presente em 58,5% dos pacientes (50% leve), enquanto na evolução tardia, a incidência da HA aumentou significativamente para 93% após um ano (85% moderada a grave). A creatinina sérica aumentou progressivamente do pré-TC (1,43±0,5mg/dl) até após um ano (1,83± 0,9 mg/dl), mantendo leve incremento até os 60 meses (2,4± 0,8mg/dl). Não houve correlação entre a HA, creatinina sérica e níveis de CL. O índice cardíaco aumentou na fase precoce, enquanto a resistência periférica diminuiu no início e aumentou significativamente aos 12 meses. Ao ecocardiograma, 54% dos pacientes apresentavam hipertrofia de ventrículo esquerdo com função normal. Dos 31 pacientes que faleceram durante a evolução, dois tiveram a causa mortis diretamente relacionada a HA. CONCLUSÃO: A HA em pacientes submetidos a TC em uso de CL ocorre precocemente, aumenta em prevalência e gravidade com o tempo e é mediada por aumento da resistência periférica, não se correlacionando com a nefrotoxicidade e com os níveis sangüíneos da CL, podendo agravar a insuficiência renal ou comprometer a longevidade do transplante, induzindo hipertrofia ventricular. Resumo em inglês PURPOSE: To evaluate the progression of arterial hypertension (AH) and its consequences , in patients submitted to cardiac transplantation (CT) in use of cyclosporine (CY). METHODS: In 65 patients submitted to orthotopic CT, we evaluated blood pressure, serum creatinine and blood levels of CY before, 15 and 30 days, and 6, 12, 24, 48 and 60 months after CT; in 20 patients we analyzed cardiac index and systemic vascular resistance pre-CT, 15 and 30 days, 6 and 12 months af (mais) ter CT; in 33 patients, we studied anatomic and functional modifications by echocardiography, 24±13 months after CT. RESULTS: Thirty days after CT, AH was present in 58.5% (50% mild), and after one year, 93% of patients were hypertensives (85% moderate-to-severe), remaining unchanged during the rest of follow-up. The serum creatinine progressively increased, reaching values significantly higher than those pre-CT after one year, persisting with a mild increment until 60 months. Echocardiography showed left ventricle hypertrophy in 54% of patients, all of which had normal function. Two patients died as a direct consequence of hypertensive complications. CONCLUSION: AH in patients submitted to CT on CY use occurs early, increases in prevalence and severity during the follow-up and is mediated by an increase in vascular resistance. Also, the AH does not correlate to CY blood levels or nefrotoxicity, but it can impair renal function and compromise longevity of transplantation by inducing ventricular hypertrophy.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

40

Eficácia, tolerabilidade e segurança do uso do sirolimo após o transplante renal/ Sirolimus efficacy, tolerability, and safety for treatment after kidney transplantation

Oliveira, Nagilla Ione; Harada, Kelly Miyuki; Spinelli, Gláucio Amaral; Park, Sung In; Sampaio, Edison Luiz Mandia; Felipe, Cláudia Rosso; Silva Júnior, Hélio Tedesco; Pestana, José Osmar Medina
2009-12-01

Resumo em português INTRODUÇÃO: Sirolimo (SRL) é um imunossupressor com conhecida eficácia e perfil de segurança na profilaxia da rejeição aguda após o transplante renal. OBJETIVOS: Avaliar eficácia, tolerabilidade e segurança do uso do SRL e de prednisona em associação a ciclosporina (CSA) ou tacrolimo (TAC) após o transplante renal. METODOLOGIA: Estudo retrospectivo de 332 receptores de transplantes renais realizados entre 1999 e 2006. O desfecho primário foi a falha de trata (mais) mento, definida como a incidência cumulativa de rejeição aguda confirmada por biópsia (RACB), perda do enxerto, óbito ou descontinuação do SRL. RESULTADOS: Dos 332 transplantes, 92% foram com doador vivo. A média de idade dos receptores foi de 37 anos, sendo 65% homens, 46% brancos e 6% diabéticos. SRL foi associado a CSA ou TAC em 70,8% e 29,2% dos pacientes. A incidência de falha de tratamento foi de 22,2% e de 47,8% no final do primeiro e do quinto ano de transplante, sem diferença entre pacientes recebendo CSA ou TAC. Ao final do quinto ano, as sobrevidas do paciente, do enxerto, do enxerto censorando o óbito e livre de RACB foram de 92,8%, 86,1%, 92,7% e 82,2%, respectivamente. O tratamento com SRL foi interrompido em 27,1% dos pacientes: 22,9% em razão de reações adversas e 3,3% devido à ineficácia. Os principais motivos de suspensão do SRL foram dislipidemia (6,0%), disfunção do enxerto (5,2%), proteinúria (4,5%), infecções (1,5%), dificuldade de cicatrização (1,2%) e anemia (0,9%). CONCLUSÃO: Na população estudada, a eficácia e a segurança do SRL foram semelhantes quando combinado com CSA ou TAC. A tolerabilidade oral foi adequada considerando-se a relativa baixa taxa de interrupção do uso de SRL. Resumo em inglês INTRODUCTION: Sirolimus (SRL) is an immunosuppressive drug with confirmed efficacy and safety profile in the prophylaxis of acute rejection after renal transplantation. OBJECTIVES: To assess the efficacy, safety, and tolerability of SRL and prednisone in combination with cyclosporine (CSA) or tacrolimus (TAC) after renal transplantation. METHODS: Retrospective study of 332 renal transplant recipients from 1999 to 2006. Primary outcome included treatment failure, defined a (mais) s the cumulative incidence of biopsy-proven acute rejection, graft loss, death, or SRL discontinuation. RESULTS: Living donors were the primary source of kidneys (92%). Regarding the recipients, mean age was 37 years, 65% were males, 46% were white, and the prevalence of diabetes was 6%. Sirolimus was combined with CSA and TAC in 70.8% and 29.2% of patients, respectively. Treatment failure rates at the first and fifth year of transplantation were 22.2% and 47.8%, respectively, without difference between the groups receiving CSA and TAC. At five years, the survival rates were as follows: patient's, 92.8%; graft's, 86.1%; deathcensored graft's, 92.7%; and free from biopsy-proven acute rejection, 82.2%. Treatment with SRL was discontinued in 27.1% of the patients, due to adverse effects (22.9%) and inefficacy (3.3%). The main reasons for SRL discontinuation were as follows: dyslipidemia (6%); graft dysfunction (5.2%); proteinuria (4.5%); infection (1.5%); delayed wound healing (1.2%); and anemia (0.9%). CONCLUSION: In this cohort of patients, SRL efficacy and safety were similar when combined with either CSA or TAC. Oral tolerability was adequate, considering the relatively low SRL discontinuation rate.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

41

Tacrolimus tópico nas lesões cutâneas refratárias da dermatomiosite juvenil/ Topical tacrolimus in refractory skin lesions of juvenile dermatomiosytis

Rabelo Júnior, Carlos Nobre; Aikawa, Nádia Emi; Kozu, Kátia Tomie; Sallum, Adriana Maluf Elias; Campos, Lúcia Maria Arruda; Silva, Clovis Artur Almeida da
2007-12-01

Resumo em português A dermatomiosite juvenil (DMJ) é uma doença inflamatória crônica idiopática que afeta principalmente músculos e pele. As lesões cutâneas podem persistir apesar do controle bem-sucedido da miosite. O tacrolimus tópico é um novo agente imunossupressor que tem sido usado no tratamento da dermatite atópica, com poucos relatos de seu uso em miopatias inflamatórias na faixa etária pediátrica. Foram descritos três pacientes com DMJ (dois meninos) com idade atual d (mais) e 5,7 a 10,6 anos. A terapia inicial administrada para esses pacientes foi: corticosteróide (sistêmico em três e tópico em um), antimalárico em três e metotrexato em dois. Todos apresentavam lesões cutâneas refratárias (eritema malar, eritema difuso e/ou vasculite cutânea) após melhora significativa da fraqueza muscular. Tacrolimus tópico 0,03% foi usado duas vezes ao dia após falha do tratamento prévio. As características das lesões foram avaliadas de acordo com a extensão e a gravidade no início do uso do fármaco e após oito e 16 semanas. Na segunda avaliação (oito semanas), notavelmente um paciente apresentou melhora completa do eritema malar e do eritema difuso em membros e tronco, e dois tiveram melhora parcial do eritema malar e da vasculite cutânea. Na terceira avaliação (16 semanas), dois pacientes tiveram resolução completa das lesões e um apresentava eritema malar persistente e eritema moderado em glúteos e região lombar. No último paciente, a melhora das lesões cutâneas foi alcan-çada apenas após o uso de ciclosporina por 16 semanas. Nenhum deles teve efeitos adversos. Tacrolimus tópico pode ser considerado em pacientes com DMJ e manifestações cutâneas refratárias. Estudos posteriores controlados e randomizados com esse fármaco devem ser realizados nessa doença inflamatória. Resumo em inglês Juvenile dermatomyositis (JDM) is a rare idiopathic chronic inflammatory disease that affects mainly muscle and skin. Cutaneous lesions may persist despite successful treatment of myositis. Of note, topical tacrolimus is a new immunosuppressive agent that has been used to treat atopic dermatitis with few reports in pediatric inflammatory myopathies. Three JDM patients (two males) were described, current age from 5.7 to 10.6 years. The initial therapy administered for thes (mais) e patients were: corticosteroid (oral in three and topical in one), antimalarial in three and methotrexate in two. All of them had refractory skin lesions (malar rash, extensive rash and/or cutaneous vasculitis) after significant improvement of muscle weakness. Topical tacrolimus 0.03% was used twice daily after failure of previous treatment. The features of lesions were evaluated according to extension and severity at start of drug and after 8 and 16 weeks. At the second evaluation (8 weeks), remarkably one patient had complete improvement of malar rash and extensive rash in limbs and trunk, and two had partial improvement of malar rash and cutaneous vasculitis. At the third evaluation (16 weeks), two patients had complete resolution of lesions and one had persistent malar rash and moderate lumbar and gluteus rash. In the last patient, the improvement of skin lesions was reached only after 16 weeks of cyclosporine use. None of them had adverse effects. Topical tacrolimus could be considered in JDM patients with refractory cutaneous manifestations. Further randomized controlled trials with this agent should be performed in this inflammatory disease.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

42

Avaliação dos níveis séricos de homocisteína em transplantados renais com e sem hipercolesterolemia/ Serum homocysteine levels in renal transplant recipients with and without hypercholesterolemia

Piovesan, Fabiana; Veronese, Francisco José Veríssimo; Santos, Auri Ferreira; Pozza, Roberta; Sarturi, Péricles Serafim; Tognon, Alexandre; Garcia, Valter Duro; Keitel, Elizete; Saitovitch, David
2007-09-01

Resumo em português FUNDAMENTO: A ocorrência de hiper-homocisteinemia parece ser freqüente após o transplante renal. Nenhum estudo até o momento avaliou o papel da homocisteína (Hcy) associada à dislipidemia no Brasil. OBJETIVO: Determinar a prevalência de hiper-homocisteinemia (Hcy sérica >15 mmol/l) em pacientes estáveis submetidos a transplante renal e avaliar o papel dos lipídios séricos e da função do enxerto nos níveis de Hcy sérica. MÉTODOS: Cento e cinco pacientes est (mais) áveis submetidos a transplante renal foram avaliados, levando-se em consideração idade, tempo pós-transplante, níveis séricos de colesterol, função do enxerto, proteinúria e uso de ciclosporina (analisados por regressão linear múltipla). A prevalência de hiper-homocisteinemia foi de 74,3%. Os pacientes foram divididos em dois grupos: hipercolesterolêmicos (colesterol total > 200 mg/dl, colesterol LDL > 130 mg/dl) e normocolesterolêmicos. RESULTADOS: Os pacientes hipercolesterolêmicos eram mais velhos, tinham menor tempo pós-transplante, menor depuração de creatinina endógena, maior proteinúria e níveis séricos mais elevados de Hcy. Os pacientes com hiper-homocisteinemia tinham níveis séricos de triglicérides significativamente mais elevados e função do enxerto significativamente pior; além disso, seus níveis de colesterol LDL apresentaram tendência a ser mais elevados. Houve uma correlação positiva entre os níveis séricos de creatinina e de Hcy (r = 0,32; p = 0,01). A análise de regressão linear múltipla revelou que tanto a dislipidemia quanto a função renal afetam de forma independente os valores de Hcy. CONCLUSÃO: Observamos uma alta prevalência de hiper-homocisteinemia em pacientes submetidos a transplante renal, especialmente em hipercolesterolêmicos, sugerindo que uma pior função do enxerto pode influenciar negativamente os níveis séricos de Hcy e colesterol. Estudos futuros deverão investigar se esse perfil metabólico adverso está associado com maior mortalidade cardiovascular no longo prazo. Resumo em inglês BACKGROUND: Hyperhomocysteinemia seems to be frequent after renal transplantation. No study so far has assessed the role of homocysteine (Hcy) associated with dyslipidemia in Brazil. OBJECTIVE: To determine the prevalence of hyperhomocysteinemia (serum Hcy >15 mmol/l) in stable renal transplant recipients and to evaluate the role of serum lipids and graft function in serum Hcy levels. METHODS: One hundred and five stable renal transplant recipients were evaluated, conside (mais) ring age, post-transplant time, cholesterol levels, graft function, proteinuria, and cyclosporine (analyzed using multiple linear regression). The prevalence of hyperhomocysteinemia was 74.3%. Patients were further divided into two groups, hyper (total cholesterol >200mg/dl, LDL-cholesterol >130mg/dl) and normocholesterolemic. RESULTS: Hypercholesterolemic recipients were older, had shorter post-transplant time, lower endogenous creatinine clearance, and higher proteinuria and Hcy serum levels. Patients with hyperhomocysteinemia had statistically significantly higher serum triglycerides and poorer graft function, and their LDL-cholesterol also tended to be higher. A positive correlation was found between serum creatinine and Hcy levels (r = 0.32, P = 0.01). Multiple regression analysis revealed that both dyslipidemia and renal function independently affect Hcy values. CONCLUSION: We observed a high prevalence of hyperhomocysteinemia in renal transplant recipients, especially in hypercholesterolemic, suggesting that worse graft function may influence serum Hcy and cholesterol levels negatively. Further studies should investigate if this adverse metabolic profile is associated with higher cardiovascular mortality in the long term.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

43

Fatores de risco associados à calcinose na dermatomiosite juvenil/ Risk factors associated with calcinosis of juvenile dermatomyositis

Sallum, Adriana M. E.; Pivato, Francine C. M. M.; Doria-Filho, Ulysses; Aikawa, Nádia E.; Liphaus, Bernadete L.; Marie, Suely K. N.; Silva, Clovis A. A.
2008-02-01

Resumo em português OBJETIVO: Identificar fatores de risco associados à calcinose em crianças e adolescentes com dermatomiosite juvenil. MÉTODOS: Prontuários de 54 pacientes com dermatomiosite juvenil foram estudados. Foram avaliados dados demográficos; características clínicas: grau de força muscular (I a V do Medical Research Council), presença de comprometimentos pulmonar (distúrbio ventilatório restritivo com presença ou ausência do anticorpo anti-Jo-1), gastrointestinal (re (mais) fluxo gastroesofágico) e cardíaco (pericardite e/ou miocardite); exames laboratoriais: elevação de enzimas musculares (creatinoquinase, aspartato aminotransferase, alanina aminotransferase e desidrogenase lática) e terapias utilizadas: corticoterapia isolada ou associada à cloroquina e/ou imunossupressor. Os pacientes foram divididos em dois grupos de acordo com a presença ou ausência de calcinose e foram avaliados através de análise univariada e multivariada. RESULTADOS: Calcinose foi evidenciada em 23 (43%) pacientes, sendo em seis (26%) antes do diagnóstico e em 17 (74%) após. A análise univariada revelou que comprometimentos cardíaco (p = 0,01) e pulmonar (p = 0,02) e necessidade da utilização de um ou mais imunossupressores (metotrexato, ciclosporina A e/ou pulsoterapia com ciclofosfamida endovenosa) no tratamento da dermatomiosite juvenil (p = 0,03) foram associados com uma maior incidência de calcinose. A análise multivariada mostrou que comprometimento cardíaco (OR = 15,56; IC95% 1,59-152,2) e uso de um ou mais imunossupressores (OR = 4,01; IC95% 1,08-14,87) foram as únicas variáveis independentes associadas à presença de calcinose. CONCLUSÕES: O aparecimento da calcinose foi freqüente na dermatomiosite juvenil, habitualmente na evolução da doença. A calcinose foi associada aos casos mais graves, que apresentaram envolvimento cardíaco e necessitaram da utilização de imunossupressores no seu tratamento. Resumo em inglês OBJECTIVE: To identify risk factors associated with calcinosis in children and adolescents with juvenile dermatomyositis. METHODS: A review was carried out of the medical records of 54 patients with juvenile dermatomyositis. Data were collected on demographic characteristics, clinical features: muscle strength (stages I to V of the Medical Research Council scale), pulmonary involvement (restrictive pulmonary disease with presence or absence of anti-Jo1 antibodies), gastro (mais) intestinal problems (gastroesophageal reflux) and/or heart disease (pericarditis and/or myocarditis); laboratory tests: elevated muscle enzyme levels in serum (creatine phosphokinase, aspartate aminotransferase, alanine aminotransferase and/or lactate dehydrogenase); and on the treatments given: corticoid therapy in isolation or associated with hydroxychloroquine and/or immunosuppressants. The patients were divided into two groups, depending on presence or absence of calcinosis and data were evaluated by both univariate and multivariate analyses. RESULTS: Calcinosis was identified in 23 (43%) patients, and in six (26%) patients it had emerged prior to diagnosis while in 17 (74%) it was post diagnosis. The univariate analysis revealed that cardiac (p = 0.01) and pulmonary (p = 0.02) involvement and the need for one or more immunosuppressor (methotrexate, cyclosporine A and/or pulse therapy with intravenous cyclophosphamide) to treat juvenile dermatomyositis (p = 0.03) were all associated with an increased incidence of calcinosis. The multivariate analysis then demonstrated that only cardiac involvement (OR = 15.56; 95%CI 1.59-152.2) and the use of one or more immunosuppressor (OR = 4.01; 95%CI 1.08-14.87) were independently associated with the presence of calcinosis. CONCLUSIONS: Calcinosis was a frequent development among these juvenile dermatomyositis cases, generally emerging as the disease progressed. Calcinosis was associated with the more severe cases that also had cardiac involvement and where immunosuppressors had to be included in the treatment.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

44

Púrpura trombocitopênica e anemia hemolítica auto-imune em pacientes internados com lúpus eritematoso sistêmico juvenil/ Trombocytopenic purpura and autoimmune hemolytic anemia in hospitalized patients with juvenile systemic lupus erythematosus

Kim, Jochebed Kyoung; Facó, Mércia Maria Moreira; Lotito, Ana Paola Navarette; Liphaus, Bernadete Lourdes; Carneiro, Jorge David Aivazoglou; Silva, Clovis Artur Almeida
2007-02-01

Resumo em português OBJETIVO: avaliar o comprometimento hematológico (CHE) em pacientes internados com lúpus eritematoso sistêmico juvenil (LESJ). MÉTODOS: durante o período de 1994 a 2005, ocorreram 195 internações de 77 pacientes com LESJ (critérios do Colégio Americano de Reumatologia) e foram acompanhadas pela Unidade de Reumatologia Pediátrica do Instituto da Criança - Universidade de São Paulo. Essas internações foram avaliadas com relação à presença de CHE inicial ou (mais) evolutivo: anemia hemolítica auto-imune ou púrpura trombocitopênica. Todos os pacientes realizaram dois ou mais hemogramas. O diagnóstico de anemia hemolítica auto-imune (AHAI) foi estabelecido pela queda acentuada dos níveis de hemoglobina (acima de 2 g/dl), reticulocitose, aumento de desidrogenase láctica (DHL), aumento de bilirrubina indireta e teste de Coombs positivo. As manifestações hematológicas associadas à infecção, neoplasia e anemia aplásica foram excluídas. RESULTADOS: o CHE ocorreu em 14 pacientes (18,9%), com 15 internações. Destes, 11 eram do sexo feminino, sete apresentaram púrpura trombocitopênica, cinco, anemia hemolítica auto-imune e dois, síndrome de Evans. O CHE, como manifestação inicial e isolada do LESJ, foi evidenciado em três pacientes. Todos os pacientes com púrpura trombocitopênica apresentaram sangramento cutâneo (petéquias e/ou equimoses). Todos estavam em atividade da doença e apresentavam simultaneamente outras manifestações do LESJ, particularmente nefrite e vasculite. Inicialmente, todos receberam pulsoterapia com metilprednisolona e, posteriormente, prednisona. Em três pacientes, o tratamento foi predominantemente realizado para controle das manifestações hematológicas, com gamaglobulina endovenosa. Os imunossupressores mais utilizados foram pulsoterapia endovenosa com ciclosfosfamida, ciclosporina e azatioprina. Óbito ocorreu em uma paciente por sangramento de sistema nervoso central. Nenhum paciente necessitou de esplenectomia. CONCLUSÕES: o CHE isolado foi uma manifestação grave em pacientes internados com LESJ, habitualmente associado a uma doença ativa e sistêmica. Resumo em inglês OBJECTIVE: to evaluate the hematological involvement (HI) in hospitalized patients with juvenile systemic lupus erythematosus (JSLE). METHODS: from 1994 to 2005, 195 admissions occurred in 77 JSLE patients (American College of Rheumatology criteria) and were followed by the Pediatric Rheumatology Unit of the Instituto da Criança - University of São Paulo. These admissions were evaluated according to the presence of HI at onset or during the evolution of the disease: aut (mais) oimmune hemolytic anemia (AHA) or thrombocytopenic purpura. All patients performed at least two complete blood counts. AHA was defined by a fall in hemoglobin levels (beyond 2 g/dl), reticulocytosis, increase in lactate dehydrogenase (LDH) and indirect bilirubin levels, and a positive Coombs test. The hematologic manifestations associated with infection, neoplasia and aplastic anemia were excluded. RESULTS: HI occurred in 14 patients (18.9%), with 15 admissions. Among these patients, 11 were female, 7 had trombocytopenic purpura, 5 AHA and 2 Evans syndrome. HI as onset and single manifestation of JSLE was observed in three patients. All the patients with trombocytopenic purpura presented cutaneous bleeding (petechia and/or ecchymosis). All had disease activity and simultaneously presented other manifestations of JSLE, particularly nephritis and vasculitis. Initially, all patients received pulsetherapy with methylprednisolone and prednisone later. In three patients the treatment aimed predominantly the control of hematologic manifestations, with intravenous gammaglobulin. The most used immunossupressive therapies were intravenous cyclophosphamide, cyclosporine and azathioprine. One patient died of central nervous system bleeding. No patient needed splenectomy. CONCLUSIONS: isolated HI was a severe manifestation in hospitalized patients with JSLE, generally associated with an active and systemic disease.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

45

O uso de drogas anti-reumáticas na gravidez/ Use of anti-rheumatic drugs during pregnancy

Levy, Roger A.
2005-06-01

Resumo em português A prescrição de drogas anti-reumáticas em pacientes férteis deve ter em conta o conhecimento atual sobre os efeitos na concepção, gestação e lactação. Um aconselhamento que levasse em consideração os riscos e benefícios do planejamento da gravidez, quando possível, seria o ideal. Com a incorporação de novas substâncias e o aparecimento constante de novos dados na literatura, esse assunto deve ser continuamente atualizado. O estagiamento de acordo com o fa (mais) tor de risco estabelecido pelo FDA é algumas vezes contraditório em relação a nossa prática, em parte porque os estudos em modelos animais podem não ser diretamente aplicáveis a humanos. A terapia com agentes modificadores da resposta biológica é aparentemente segura durante a gestação, considerando-se que tais agentes sejam compostos por moléculas grandes, incapazes de atravessar a placenta. Antiinflamatórios não-esteroidais (incluindo os inibidores específicos de COX-2) podem prejudicar a implantação do óvulo, mas o seu uso é possível no caso da gestação estar em curso, devendo ser evitados após 32 semanas do início da gravidez, quando estão relacionados com complicações fetais. Os inibidores específicos de COX-2 devem ser evitados pelo risco de malformação renal. Aspirina em baixa dose pode ser usada seguramente, quando indicada durante a gravidez. Há preferência pelas heparinas de baixo peso molecular, desde que a não fracionada apresente maior risco de induzir trombocitopenia e sangramento. A hidroxicloroquina é usada e de fato recomendada em gestantes com lúpus, com benefícios para a paciente e sem risco fetal. Varfarina é teratogênica se usada da 6ª a 9ª semana de gestação, mas pode ser usada durante o segundo e terceiro trimestres até a 34ª semana, quando deve ser interrompida com o intuito de evitar sangramento fetal. A imunoglobulina endovenosa é recomendada em casos difíceis de síndrome do anticorpo antifosfolipídeo e vem sendo estudada na prevenção do bloqueio cardíaco total da síndrome do lúpus neonatal. O uso de prednisona e prednisolona é limitado a menor dose eficaz, não atinge a circulação fetal, mas pode induzir os efeitos colaterais maternos já conhecidos. Azatioprina e ciclosporina são utilizadas, quando indicadas formalmente, sem aparente risco fetal. Metotrexato e leflunomide devem ser evitados a qualquer custo e o tratamento interrompido três meses antes da tentativa de concepção. Todas as decisões terapêuticas em pacientes grávidas devem ser individualizadas e os riscos e benefícios considerados. Resumo em inglês The prescription of anti-rheumatic drugs in fertile patients should take into account the current knowledge about their effects on conception, pregnancy and lactation. Judicious advice and pregnancy planning is ideal when possible. With the incorporation of new substances and the constant appearance of recent data in the literature this subject has to be continuously updated. The FDA risk factor rating is sometimes contradictory to our practice, in part because results fr (mais) om animal studies may not be directly applicable to humans. Biologic response modifiers seem to be safely used during pregnancy, since they are large molecules that are not capable of crossing the placenta. Non-steroidal anti-inflammatory drugs including specific COX-2 inhibitors may impair implantation of the ovum but can be used once pregnancy is under way, they should be avoided after 32 weeks, when there is a relationship with fetal complications. COX-2 inhibitors must be avoided due to its risk of renal mal-formation. Low-dose aspirin can be used safely during pregnancy. Low molecular weight heparins are preferred, since the unfractionated heparins have an increased risk of inducing thrombocytopenia and bleeding. Hydroxychloroquine is used and in fact recommended in lupus pregnancy with patients' benefits and no fetal risk. Warfarin is teratogenic if given between the 6th and 9th gestational weeks, but can be used during the second and third until 34 weeks, when it should be withdrawn in order to avoid the risk of neonatal bleeding. Intravenous immunoglobulin is recommended for difficult antiphospholipid cases and is being studied to prevent the congenital heart block of neonatal lupus. Prednisone and prednisolone use is limited to the least effective dose since they do not reach fetal circulation, but can induce maternal side effects. Azathioprine and cyclosporine are used when necessary with no apparent fetal harm. Methotrexate and leflunomide must be avoided by all means and the treatment stopped three months before conception. Every therapeutic decision for a pregnant patient has to be individualized and the risk and benefits considered.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

46

Evolução da gravidez e resultados perinatais em transplantadas renais/ Pregnancy and perinatal outcomes in women with renal transplantation

Oliveira, Leandro Gustavo de; Sass, Nelson; Camano, Luiz; Pestana, José Osmar Medina
2005-06-01

Resumo em português OBJETIVO: avaliar as inter-relações recíprocas entre o transplante renal e a gravidez por meio da análise das intercorrências clínicas e obstétricas, bem como da investigação do desfecho perinatal. MÉTODOS: foi analisada série retrospectiva de 39 casos de gestação em 37 portadoras de transplante renal no período de janeiro de 1997 a dezembro de 2003. Foi criado um grupo controle composto por 66 grávidas sem doenças clínicas prévias, que freqüentaram pr� (mais) �-natal e deram à luz em 2002 e 2003. Esse grupo foi utilizado para possíveis comparações para as variáveis pré-eclâmpsia, ruptura prematura de membranas, prematuridade e crescimento intra-uterino restrito. Como características demográficas dos dois grupos foram relatados média de idade no momento da concepção, raça e os antecedentes obstétricos. Quanto às características do transplante relatamos o tipo de doador e o esquema imunossupressor utilizado. As variáveis clínicas estudadas foram hipertensão arterial crônica, anemia e infecção do trato urinário. As variáveis relativas ao transplante foram o intervalo entre a cirurgia e a concepção, a ocorrência de disfunção, rejeição e perda do enxerto. Quanto às variáveis obstétricas, analisamos a via de parto, a incidência de pré-eclâmpsia e a ruptura prematura de membranas. Entre os resultados perinatais consideramos a incidência de prematuridade e crescimento intra-uterino restrito. Relacionamos estes resultados aos níveis de creatinina das transplantadas renais no início do pré-natal. Para avaliação estatística foram utilizados os testes de chi2 e exato de Fisher. Em todos os casos, o nível de rejeição para a hipótese de nulidade foi sempre fixado em valor menor ou igual a 0,05 (5%). RESULTADOS: a média de idade das pacientes no momento da concepção foi de 27 anos. O doador vivo foi o tipo mais freqüente. Entre as drogas imunossupressoras, a ciclosporina foi a mais utilizada. Hipertensão arterial crônica foi observada em 82% dos casos, anemia em 77% e infecção do trato urinário em 38,5%. A incidência de disfunção do enxerto foi de 47,4%, tendo sido a pré-eclampsia a sua principal causa. Perda do transplante ocorreu em 10,2% dos casos. Quanto à via de parto, a cesariana foi realizada em 53,8%, tendo como principais indicações as síndromes hipertensivas. Pré-eclampsia ocorreu em 28,2% das transplantadas. Quanto aos resultados perinatais, prematuridade ocorreu em 46,1% dos casos, apresentando relação significativa com os níveis de creatinina maiores ou iguais a 1,5 mg/dL no primeiro trimestre. Outra intercorrência observada foi restrição de crescimento intra-uterino, verificada em 41,0% das gestações. A mesma não apresentou, entretanto, relação com os níveis séricos de creatinina. CONCLUSÕES: o grupo de estudo foi constituído por pacientes jovens. Hipertensão arterial crônica, anemia e infecção do trato urinário foram intercorrências clínicas bastante freqüentes. Disfunção do enxerto ocorreu em quase metade dos casos, devendo ser rastreada durante o pré-natal. Essas pacientes podem ainda evoluir para a perda do transplante, cujas causas podem ser obstétricas ou não. Quanto à via de parto, a cesariana teve incidência elevada, entretanto lembramos que a via de parto deve ser sempre de indicação obstétrica. Pré-eclampsia ocorreu de forma significativamente maior, devendo ser essas pacientes consideradas como condição de risco para essa complicação. Prematuridade e restrição de crescimento intra-uterino permanecem como importantes complicações perinatais, sendo que a prematuridade se relaciona com a função do transplante. Resumo em inglês PURPOSE: to evaluate the relationship between renal transplantation and pregnancy through the analysis of clinical and obstetric intercurrent events and perinatal outcomes. METHODS: a retrospective series of 39 cases of pregnancy in 37 women with renal transplantation from January 1997 to December 2003 was evaluated. A control group consisted of 66 pregnant women with no previous clinical pathologies. This group received prenatal care and these patients delivered during 2 (mais) 002 and 2003. Preeclampsia, premature rupture of membranes, premature delivery, and intrauterine growth restriction were used to compare these variables. Demographic characteristics of these groups were related to the mean age at conception, ethnic characteristics and obstetric past. Regarding renal transplantation the type of donator and used immunosuppressive drugs were evaluated. The studied clinical variables were chronic hypertension, anemia and urinary tract infection. The interval between the surgery and conception, occurrence of dysfunction, rejection and loss of the allograft were characteristcs related to the allograft. Obstetric variables were related to the type of delivery, incidence of preeclampsia and premature rupture of membranes. Perinatal outcomes were premature delivery and intrauterine growth restriction and these results were compared with renal function. The used statistical methods were the chi2 and Fisher's exact tests. The significance level was fixed always as less than or equal to 0.05 (5%). RESULTS: the mean age at conception was 27 years. The live donator was the most frequent among the patients. Among the immunosuppressive drugs, cyclosporine was the most used. Chronic hypertension occurred in 82% of the cases, anemia in 77% and urinary tract infection in 38.5%. The incidence of renal dysfunction was 47.4% and preeclampsia was the main cause. The loss of the renal transplantation occurred in 10.2%. Delivery by cesarean section was performed in 53.8% of the patients, and the main causes were hypertensive syndromes. Preeclampsia occurred in 28.2%. Among the perinatal outcomes, premature delivery occurred in 46.1% of the cases, with a significant relation to creatinine level greater than or equal to 1.5 mg/dL at the start of prenatal care. Another observed intercurrent event was intrauterine growth restriction, which occurred in 41.0%, and here we found no relation between this event and creatinine levels. CONCLUSIONS: young patients constituted the study group. Chronic hypertension, anemia and urinary tract infection were very common. Renal dysfunction was frequent and must be investigated during prenatal care. There were four cases of loss of the transplant due to clinical or obstetric causes. Cesarean delivery had the highest incidence, but vaginal delivery should be the first choice in these cases. Preeclampsia occurred very frequently and this complication should be considered as a high risk. Preterm delivery and intrauterine growth restriction were the main perinatal complications. Premature deliveries before 37 weeks of gestation were related to allograft function.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

47

Infliximabe no tratamento de uveíte posterior refratária em paciente com doença de Behçet/ Infliximab treatment for refractory posterior uveitis in Behçet's disease

Freitas, Sinara da Silva; Dionello, Carla da Fontoura; Rezende, Lucila Stange; Serratto, Varlei Antônio; Baumle, Ana Carolina Beer; Rachid Filho, Acir
2005-04-01

Resumo em português Perda visual permanente, resultante de inflamação ocular recidivante, ocorre freqüentemente em pacientes com doença de Behçet, apesar de tratamento imunossupressor crônico e intensivo. Os autores relatam o caso de um paciente masculino, com 35 anos de idade, apresentando uveíte posterior, crônica e bilateral, refratária ao tratamento com corticosteróides e imunossupressores. O tratamento com infliximabe mostrou um efeito benéfico na uveíte desse paciente. Resumo em inglês Permanent vision loss resulting from relapsing ocular inflammation occurs frequently in patients with Behçet's disease, despite intensive and chronic immunosuppressive therapy. The authors report the case of a 35-year-old man with chronic bilateral posterior uveitis refractory to corticosteroids and immunosuppressive agents (methotrexate and cyclosporine) with a beneficial effect from treatment with infliximab.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)