Sample records for cyanogen
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 1 shown.



1

Seleção de clones-elite de mandioca de mesa visando a características agronômicas, tecnológicas e químicas/ Selection of sweet cassava elit clones for agronomic, technological and chemical characteristics

Mezette, Thiago Fonseca; Carvalho, Cássia Regina Limonta; Morgano, Marcelo Antonio; Silva, Marta Gomes da; Parra, Enieluce Santos Brito; Galera, João Manoel Sanseverino Vergani; Valle, Teresa Losada
2009-09-01

Resumo em português A mandioca (Manihot esculenta Crantz) é uma das culturas mais importantes na alimentação humana dos trópicos, principalmente para as populações de baixa renda. Este trabalho teve por objetivo avaliar e selecionar clones-elite de mandioca de mesa com relação aos aspectos químicos, agronômicos e tecnológicos. Foram avaliados 12 clones do Programa de Melhoramento Genético da Mandioca de Mesa do IAC, em comparação à variedade-testemunha IAC 576-70, quanto a par (mais) âmetros de produtividade de raízes, tempo de cozimento, compostos cianogênicos, carotenóides totais, β-caroteno, vitamina A e componentes minerais. Dez clones se destacaram pela alta produtividade. O tempo médio de cozimento foi elevado, de 43,8 minutos. Entre os clones, apenas no 66/99 observou-se teor de compostos cianogênicos (160,1 mg eq. HCN kg-1) acima do limite de segurança de consumo, valor igual a 100 mg eq. HCN kg-1. No clone 108/00 notaram-se maiores teores de carotenóides totais, β-caroteno e vitamina A, respectivamente, iguais a 1108,1 µg 100 g-1, 940,1 µg 100 g-1 e 523 UI 100 g-1, superiores às médias da variedade-testemunha. Dois clones destacaram-se pelos valores superiores em 44% de zinco e 53% de ferro, quando comparados à variedade IAC 576-70. Ao considerar o tempo de cozimento, a alta produtividade e os baixos teores de compostos cianogênicos como características essenciais em uma variedade de mandioca para mesa e ressaltando o enfoque da biofortificação dos componentes mineriais, carotenóides e vitamina A, o genótipo mais promissor a se tornar uma variedade é o clone 265/97. Resumo em inglês Cassava (Manihot esculenta Crantz) is one of the most important crops for human nutrition in the tropics, especially for low-income populations. This study aimed at to evaluate and select elite clones of sweet cassava regarding to chemical, agronomic and technological aspects, twelve clones of Instituto Agronômico breeding program were compared to control variety IAC 576-70 as to yield of roots, cooking, time, cyanogen compounds, total carotenoids, β-carotene, vitam (mais) in A and mineral components. Ten clones showed high yields. Average cooking time was high, 43.8 minutes. Among clones, only 66/99 showed content of cyanogen compounds (160.1 mg eq. HCN kg-1) above the limit (100 mg eq. HCN kg-1) for safety consumption. Clone 108/00 presented the highest content of total carotenoids, β-carotene and vitamin A, respectively, 1108.1 µg 100 g-1, 940.1µg 100g-1 and 523 IU 100 g-1, higher than the control. Two clones showed zinc and iron content respectively 44% and 53% higher than the control variety. Considering yield, cooking, low content of cyanogens mineral components, carotenoids and vitamin A, clone 265/97 is the most promising genotype as a potential new variety.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)