Sample records for cows
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 20 shown. Select sample records:



1

Resposta de vacas leiteiras à substituição total de milho por polpa cítrica e à suplementação com microminerais orgânicos II: desempenho e economia/ Response of lactating cows to the total replacement of corn by citrus pulp and to the supplementation of organic trace minerals II: performance and savings

Salvador, S.C.; Pereira, M.N.; Santos, J.F.; Melo, L.Q.; Chaves, M.L.
2008-10-01

Resumo em português Avaliaram-se o desempenho e a eficiência financeira de vacas leiteiras alimentadas com dietas com substituição total de milho por polpa cítrica. O teor dietético do milho foi 10% e o de polpa 24% nos tratamentos com milho, e o de polpa foi 33% nas dietas exclusivas com polpa. A substituição total das fontes inorgânicas Cu, Mn, Se, Zn e Cr por fontes orgânicas foi avaliada simultaneamente. As quatro dietas geradas por arranjo fatorial dos dois fatores foram fornec (mais) idas a 16 vacas em Quadrado Latino 4x4. As produções de leite foram 27,5kg para vacas alimentadas com polpa e 28,4kg para aquelas que receberam milho (P=0,04). A substituição total de milho por polpa cítrica reduziu o teor e a produção de proteína no leite (P0,24). Dietas formuladas exclusivamente com polpa cítrica podem ser indicadas quando o pagamento do leite for baseado apenas no volume. A inclusão de milho pode aumentar a renda bruta subtraída do custo alimentar quando a produção de sólidos for valorizada. Resumo em inglês The performance and financial efficiency of dairy cows fed diets formulated by total replacement of corn by citrus pulp was evaluated. Treatments with corn contained 10% corn and 24% citrus pulp while citrus diets contained 33% citrus pulp. The complete replacement of inorganic sources of Cu, Mn, Se, Zn, and Cr by organic sources was simultaneously evaluated. The four diets generated by the factorial arrangement of the two factors were fed to 16 cows in 4x4 Latin Squares. (mais) Means of milk production were 27.5kg and 28.4kg for cows fed citrus pulp and corn (P=0.04) diets, respectively. The complete replacement of corn by citrus pulp decreased milk protein production and content (P0.24). Diets formulated exclusively with citrus pulp may be recommended when milk payment is based exclusively on volume, but the inclusion of corn may increase income over feed cost when milk solids are valued.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

Desempenho de vacas Jersey suplementadas com diferentes fontes lipídicas na fase inicial da lactação/ Performance of early lactating Jersey cows supplemented with different lipid sources

Nörnberg, José Laerte; López, Jorge; Stumpf Júnior, Waldyr; Costa, Patricia Barcellos; Schafhäuser Júnior, Jorge
2006-08-01

Resumo em português Este trabalho foi realizado com o objetivo de avaliar o efeito da inclusão de três fontes lipídicas (6% de EE total) em dietas com teores semelhantes de proteína, fibra e lipídios sobre o consumo voluntário, a produção de leite e a eficiência alimentar de vacas Jersey na fase inicial da lactação. Foram utilizadas oito vacas multíparas em estágio próximo ao pico de lactação, com 420 kg de PV e produção média de 20 kg de leite (corrigida para 3,5% de gord (mais) ura), estabuladas em baias individuais. Os tratamentos foram avaliados em dois quadrados latinos (4 x 4) com períodos de 28 dias, conforme descritos a seguir: CON - dieta controle, sem inclusão de lipídios; GPC - dieta com gordura protegida comercial (sais de cálcio de ácidos graxos de óleo de palma); FAIO - dieta com farelo de arroz integral e óleo de arroz; FAIS - dieta com farelo de arroz integral e sebo bovino. Utilizaram-se concentrados à base de grãos de milho moídos e farelo de soja e, como volumosos, silagem de milho e feno de alfafa (1:1, na MS). Os concentrados foram fornecidos três vezes ao dia, separadamente dos volumosos. Os volumosos foram fornecidos à vontade, procurando-se manter a proporção de 55% em relação ao concentrado. A interpretação estatística foi feita por meio de análise de variância dos valores médios de cada tratamento aplicando-se o teste F. Os resultados comprovaram que as fontes lipídicas estudadas não afetam o consumo voluntário de MS e proporcionam maior produção de leite, de modo que a fonte de sais cálcicos de ácidos graxos de óleo de palma promoveu, também, maior produção de leite corrigida para 3,5% de gordura e melhorou a eficiência alimentar. Resumo em inglês The objective of this trial was to evaluate the effect of supplementing diets with similar protein, fiber and lipid contents with different lipid sources on dry matter intake, milk yield and feed efficiency of early lactating Jersey cows. Eight multiparous cows averaging 420 kg of body weight and daily yield of 20 kg of 3.5% fat corrected milk (FCM) were randomly assigned to two replicated 4 x 4 Latin squares. Each experimental period lasted four weeks and means were comp (mais) ared by F-test. Cows were fed the following diets: CON control diet without lipid supplementation; RPF- basal diet supplemented with a commercial rumen-protected fat source (calcium salts of fatty acids from palm oil); RBRO- basal diet supplemented with rice bran and rice oil; RBT- basal diet supplemented with rice bran and tallow. The concentrate portion of the diet contained ground corn and soybean meal while the forage portion was composed by corn silage and alfalfa hay (1:1, dry matter basis). Concentrate was fed three times a day and forage ad libitum. Diets were formulated to contain a forage:concentrate ratio of 55:45. Supplementation with different dietary lipid sources did not affect dry matter intake but increased milk yield compared to the CON diet. In adittion, both FCM and feed efficiency were greatest on cows fed the RPF diet.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

Metabolismo ósseo de vacas jovens Nelore em pastos de Brachiaria brizantha suplementadas ou não durante a seca com fósforo/cálcio e concentrado/ Bone metabolism of young Nellore cows in Brachiaria brizantha pastures supplemented or not during the dry season with dicalcium phosphate and concentrate

Nicodemo, Maria Luiza Franceschi; Moraes, Sheila da Silva; Thiago, Luiz Roberto Lopes de S.; Caxias, Elizângela Luiz; Macedo, Manuel Cláudio Motta; Pires, Pedro Paulo; Madruga, Cláudio Roberto; Vaz, Eustáquio Camargo; Barrocas, Gustavo Eugênio
2005-02-01

Resumo em português Vacas sob dietas deficientes em fósforo (P) não têm respondido à suplementação desse elemento no final da gestação, mesmo com adequação de outros nutrientes, mas parecem responder na lactação. Estudou-se a resposta à suplementação de cálcio e de fósforo com ou sem proteína e energia, durante a seca, sobre o metabolismo ósseo de vacas em pastejo. Todos os animais receberam mistura mineral completa nas águas, enquanto, na seca, mistura mineral completa ( (mais) MMC) e mistura mineral sem fosfato bicálcico, com (MMR) ou sem (MM) suplemento protéico-energético. Vacas recebendo suplemento protéico-energético durante a seca tenderam à menor variação nas medidas ósseas. As concentrações de Ca nas cinzas dos ossos foram sempre inferiores a 34%, sem qualquer sintoma de deficiência do elemento. A concentração de P nas cinzas também esteve marginal em relação às concentrações consideradas adequadas, mesmo nas vacas que recebiam P suplementar o ano todo, enquanto o P plasmático permaneceu na faixa normal. Osteocalcina e fosfatase alcalina óssea apresentaram valores mais elevados durante a gestação, época em que deoxipiridinolina apresentou valores mais baixos. As vacas que receberam suplemento protéico-energético na seca também apresentaram valores de deoxipiridinolina mais baixos. Deoxipiridinolina aumentou na época do parto e no início de lactação. Independentemente dos tratamentos estudados, vacas de cria não apresentaram sinais de deterioração da qualidade do osso em três anos de experimento. Resumo em inglês Cows on diets deficient in P have not responded P supplementation during late pregnancy, although they may respond in early lactation. Bone metabolism of range cows has been monitored. All cows received complete mineral mixtures during wet season; during dry season, the imposed treatments were: complete mineral mixtures (MMC) or mineral mixtures lacking dicalcium phosphate, supplemented (MMR) or not (MM) with concentrate. Cows supplemented with the concentrate tended to s (mais) how less variation on bone measurements. Calcium concentrations on bone ash were always below 34% without any symptom of Ca deficiency. Phosphorus concentrations on bone ash were also marginal, even in cows that received additional P all year round, while plasma P was always normal. Osteocalcin and bone alkaline phosphatase showed higher values (P

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

4

Desempenho de vacas Charolês e Nelore desterneiradas aos três ou sete meses/ Performance of Charolais and Nellore cows weaned at three or seven months

Restle, João; Vaz, Ricardo Zambarda; Alves Filho, Dari Celestino; Bernardes, Régis Augusto de Lima Carvalho; Pascoal, Leonir Luiz; Senna, Dilceu Borges de; Polli, Volmir Antonio
2001-04-01

Resumo em português Foi avaliado o desempenho de vacas Charolês (C) e Nelore (N), agrupadas em três classes de idade, jovens (3 e 4 anos), adultas (5 a 7 anos) e velhas (8 ou mais anos), desmamadas aos três (precoce) ou sete meses no outono (tradicional). O peso no outono das vacas desterneiradas aos três meses (T3) foi 45 kg superior ao das vacas com remoção do bezerro aos sete meses (T7). O estado corporal aos sete meses também foi melhor nas vacas do T3 (3,3 contra 2,1 pontos). Vac (mais) as do T3 apresentaram maior ganho de peso do parto ao final do período reprodutivo e apresentaram maiores porcentagem de cio (81 contra 51%) e prenhez (67,2 contra 37,3%) e menor intervalo do parto ao primeiro cio pós-parto (102 contra 114 dias) que vacas do T7. Vacas adultas apresentaram melhor estado corporal aos sete meses e tiveram melhor desempenho reprodutivo do que vacas velhas e jovens. A diferença na porcentagem de prenhez entre o T3 e T7 foi mais evidente nas vacas jovens (42,11 contra 12,5%) e velhas (51,72 contra 35,71%) que nas adultas (62,50 contra 53,33%). Vacas C foram mais pesadas que as N, ao parto, aos três e sete meses pós-parto e apresentaram melhor estado corporal aos sete meses. O efeito do desmame precoce no desempenho reprodutivo foi mais evidente nas vacas C. A porcentagem de fêmeas prenhes nas C foi de 80,60% para o T3 e 41,90% para o T7, já nas N as porcentagens foram de 45,50 e 30,00%, respectivamente, para o T3 e T7. Nas vacas C, a produção de leite e a amamentação apresentaram efeito inibidor, sobre a reprodução, mais marcante que nas vacas N. Resumo em inglês The experiment evaluated the performance of Charolais (C) and Nellore (N) cows of three age classes, young (3 and 4 years), adult (5 to 7 years) and old (8 or more years), weaned at three (early weaning) or seven months in the fall (traditional weaning). The weight of the cows at the fall was 45 kg higher for the cows weaned at three months (T3) than for the cows weaned at seven months (T7). The body condition at seven months was also better for T3 cows (3.3 vs. 2.1 point (mais) s). The T3 cows had higher weight gain from calving to the end of the reproductive period and showed higher percentage of estrus (81 vs. 51%), of pregnancy (67.2 vs. 37.3%) and shorter interval between calving and first estrus (102 vs. 114 days) than T7 cows. Adult cows displayed better body condition at seven months and showed higher reproductive performance than young and old cows. The difference in pregnancy rate between T3 and T7 was more evident in young cows (42.11 vs. 12.5%) and old cows (51.72 vs. 35.71%) than in adult cows (62.5 vs. 53.33%). The C cows were heavier then N cows, at calving, at three and seven months, and displayed better body condition at seven months. The effect of early weaning on reproductive performance was more evident for C cows. The pregnancy rate of C cows was 80.6% for the T3 and 41.9% for the T7, while for the N cows the percentages were 45.5 and 30.0%, respectively, for T3 and T7. For C cows, milk production and the calves (presence and suckling) showed a stronger suppression on reproduction, than for N cows.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

6

Cisto ovariano em vacas de leite: incidência, resposta à aplicação de GnRH e desempenho reprodutivo/ Ovarian cysts in lactating dairy cows: incidence, response to GnRH, and reproductive performance

Santos, R.M.; Démetrio, D.G.B.; Vasconcelos, J.L.M.
2009-06-01

Resumo em português A incidência de cistos ovarianos, a resposta ao tratamento com GnRH e os efeitos da ocorrência de cisto no desempenho reprodutivo e na taxa de descarte foram determinados em vacas lactantes da raça Holandesa. Vacas lactantes (n=333) foram avaliadas semanalmente por ultrassonografia a partir da quarta semana pós-parto, visando à detecção de corpos lúteos (CL) e de folículos ovarianos maiores que 10mm. Na sétima semana pós-parto, as vacas foram classificadas: em (mais) ciclando (n=248; presença de CL em um dos exames ultrassonográficos); em anestro (n=54; ausência de CL e de folículos >25mm) e com cisto (n=31; ausência de CL e presença de estruturas >25mm), quando foram distribuídas em: grupo-controle (n=16; sem tratamento) e grupo-tratamento (n=15; vacas que receberam uma aplicação de GnRH). A taxa de cura foi de 60,0% no grupo das vacas tratadas e de 87,5% no grupo-controle. As vacas com cistos apresentaram maior intervalo parto-primeira inseminação artificial (P Resumo em inglês The incidence of ovarian cysts, response to GnRH treatment, and effects on reproductive performance and culling rate of Holstein cows were determined. Ovaries of lactating cows (n=333), were weekly monitored by ultrasound, beginning at fourth week postpartum, to determine the presence of corpus luteum (CL) and follicles greater than 10mm. In the seventh week the cows were classified as cycling (n=248; presence of corpus luteum (CL) in one of the ultrasound evaluations); a (mais) novulatory (n=54; absence of CL and follicles less than 25mm), and cystic (n=31; absence of CL and presence of structures greater than 25mm). The cysts cows were distributed in two groups in the seventh week: control group (n=16; without treatment) and treatment group (n=15; cows received one GnRH injection). The recovery rate was 60.0% in treated cows and 87.5% in control cows. The cystic cows had longer average interval from parturition to first AI (P

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

7

Hábito de pastejo de vacas lactantes Holandês x Zebu em pastagens de Brachiaria brizantha e Brachiaria decumbens/ Grazing behavior of Holstein x Zebu lactating cows in pastures of Brachiaria brizantha and Brachiaria decumbens

Zanine, A.M.; Santos, E.M.; Parente, H.N.; Ferreira, D.J.; Cecon, P.R.
2007-02-01

Resumo em português Avaliou-se o comportamento ingestivo de pastejo de vacas leiteiras em pastagens de Brachiaria brizantha e Brachiaria decumbens, em sistema de lotação contínua com taxa de lotação variável. O delineamento experimental foi o inteiramente ao acaso, com os dois pastos representando os tratamentos, cada um com cinco repetições. O período experimental foi de 30 dias, sendo 20 para adaptação dos animais e 10 para avaliações, em número de três, com duração de 24h (mais) cada, em intervalos de cinco dias. O tempo de pastejo da Brachiaria brizantha foi menor, 10,82h, que o tempo de pastejo da Brachiaria decumbens, 12,86h. Comportamento oposto foi observado para o tempo de ruminação, 7,95 e 6,45h para os pastos de Brachiaria brizantha e Brachiaria decumbens, respectivamente. A quantidade de bocados por minuto foi menor na Brachiaria decumbens, 37,30, e maior na Brachiaria brizantha, 42,12. Houve adequação entre os tempos de pastejo, ruminação e taxa de bocados, de modo que o total de bocados e o tempo de ócio não foram diferentes entre os dois pastos. Resumo em inglês The grazing behavior of lactating cows in pastures of Brachiaria brizantha and Brachiaria decumbens, in system of continuous stocking with variable stocking rate was evaluated. A completely randomized experimental design, with two treatments (pastures) and five replicates was used. The experimental period last 30 days, 20 for adaptation of the animals and 10 for three experimental evaluations, of 24h each, in intervals of five days. The grazing time of cows on the Brachia (mais) ria brizantha pasture, 10,82h, was lower than on the Brachiaria decumbens, 12,86h. Inverse behavior was observed for rumination time, 7,95 and 6,45h for cows on the pastures of Brachiaria brizantha and Brachiaria decumbens, respectively. The amount of bite per minute was lower for cows on the Brachiaria decumbens, number 37,30h, than on the Brachiaria brizantha, 42,12h. There was an adequacy among grazing time, rumination time and rate of bites and, as a consequence, no difference between pastures was observed for total of bites and time of idling.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

8

Eficiência biológica de vacas de dois grupos genéticos amamentando bezerros puros ou F1, mantidas em diferentes condições de alimentação/ Biologic efficiency of cows of two genetic groups nursing straigthbred or F1 calves, mantained on different feeding conditions

Restle, João; Pacheco, Paulo Santana; Pádua, João Teodoro; Rocha, Marta Gomes da; Vaz, Ricardo Zambarda; Eifert, Eduardo da Costa; Moletta, José Luis; Freitas, Aline Kellermann de
2004-12-01

Resumo em português O experimento foi conduzido com o objetivo de avaliar a eficiência biológica de vacas dos grupos genéticos Charolês (CH) e Nelore (NE) amamentando bezerros CH e ½NE ½CH (filhos de vacas CH), NE e ½CH ½NE (filhos de vacas NE) mantidos juntos até o desmame, em pastagem nativa (PN) ou pastagem cultivada (PC) de inverno (aveia + azevém) e de verão (capim papuã). Vacas e bezerros foram pesados ao nascimento, aos 14, 42, 70, 98, 126, 154 e 182 dias e ao desmame. A p (mais) rodução de leite das vacas foi avaliada na mesma data das pesagens, com exceção do nascimento. Quando os animais foram mantidos em PC, observou-se maior eficiência na transformação da quantidade de litros (EFLIT) (7,7 contra 11,0 L/kg) e matéria seca (MS) (EFMS) de leite (1,06 contra 1,47 kg MS/kg) produzido pela vaca em kg de ganho de peso do bezerro. Foi verificado efeito quadrático do período de aleitamento para EFLIT (y=18,222-0,141DIA+0,000463DIA²) e EFMS (y=2,341-0,0182DIA+0,000063DIA²). Houve redução linear, com o avanço do período de lactação, na exigência diária de nutrientes digestíveis totais (mantença + produção de leite) (NDT) (NDT/dia) para vacas mantidas em PC (0,004 kg) e PN (0,007 kg). A exigência total (parto ao desmame) de NDT (NDT/total) foi superior para as vacas mantidas em PC (1093,1 contra 1014,0 kg). Contudo, vacas mantidas em PC foram mais eficientes na transformação de NDT/dia (7,9 contra 12,5) e NDT/total (5,8 contra 8,2) em ganho de peso do bezerro. A quantidade de kg de bezerros produzidos/100 kg de vaca (EFKG) (0,201 contra 0,159 kg/100kg/dia) e kg de bezerro produzido por unidade de tamanho metabólico da vaca (UTM) (EFTM) (0,009 contra 0,007 kg/UTM/dia) foram superiores quando as vacas foram mantidas em PC. Vacas amamentando bezerros F1 exigiram mais NDT/dia (5,0 contra 4,8 kg/dia), mas foram mais eficientes para EFKG (27,1 contra 23,5 kg/100 kg) e EFTM (1,21 contra 1,05 kg/UTM). Nas vacas amamentando bezerros mestiços, a EFKG foi maior nas CH (28,5 contra 25,6 kg/100 kg). Quando foi considerada a EFTM, observou-se maiores valores nas vacas CH (1,11 kg/UTM) em relação às NE (0,99 kg/UTM), quando amamentavam bezerros puros, não havendo diferença quando amamentavam bezerros mestiços. Resumo em inglês The objective of the experiment was to evaluate the biologic efficiency of Charolais (CH) and Nellore (NE) cows nursing CH and ½NE ½CH (produced by CH cows), NE and ½CH ½NE (produced by NE cows) calves, mantained together until weaning, on native pasture (NP) or winter (oat + italian rye grass) and summer (alexander grass) cultivated pasture (CP). Cows and calves were weighted at birth; 14; 42; 70; 98; 126; 154; 182 days; and at weaning. The cows milk yield was evalua (mais) ted at the same date of the calves weighing, with exception at birth. When the animals were mantained on CP, higher efficiency of converting the quantity of litres (EFLIT) (7.7 vs 11 L/kg) and dry matter (DM) (EFMS) of milk (1.06 vs 1.47 kg DM/kg) produced by cow into kg of calf weight gain, was observed. Quadratic effect of postpartum period for EFLIT (y=18.222-.141DAY+.000463DAY²) and EFMS (y=2.341-.0182DAY+.000063DAY²) was verified. Linear reduction of the daily requeriment of total digestible nutrients (mantainance plus milk production) (NDT) (NDT/day) was observed, as the lactation period advanced, for cows mantained on CP (.004 kg) and NP (.007 kg). The total requeriment (calving to weaning) of NDT (NDT/total) was superior for cows mantained on CP (1093.1 vs 1014 kg). However, cows mantained on CP were more efficient for transformation of NDT/dia (7.9 vs 12.5) and NDT/total (5.8 vs 8.2) in calf weight gain. The quantity of kg of calf produced/100 kg of cow (EFKG) (.201 vs .159 kg/100kg/day) and kg of calf produced per unit of cow metabolic weight (UTM) (EFTM) (.009 vs .007 kg/UTM/day) were higher when the cows were mantained on CP. Cows nursing F1 calves required more NDT/day (5 vs 4.8 kg/day). However, were more efficient for EFKG (27.1 vs 23.5 kg/100 kg) and EFTM (1.21 vs 1.05 kg/UTM). For cows nursing crossbred calves, the EFKG was higher for CH (28.5 vs 25.6 kg/100 kg). When EFTM was considered, higher value was observed for CH (1.11 kg/UTM) than for NE (.99 kg/UTM) cows, when they nursed straigthbred calves.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

9

Desempenho produtivo de vacas de quatro grupos genéticos submetidas a diferentes manejos alimentares desmamadas aos 42 ou 63 dias pós-parto/ Performance of cows of four genetic groups submitted to different feeding managements, weaned at 42 or 63 days

Cerdótes, Liliane; Restle, João; Brondani, Ivan Luiz; Osmari, Elisa Kohler; Soccal, Diogo Carvalho; Santos, Maurício Fernandes dos
2004-06-01

Resumo em português O objetivo deste trabalho foi avaliar o desempenho produtivo de vacas de corte, das raças Charolês (C), Nelore (N), mestiças CN e NC, mantidas em pastagem nativa, suplementadas com farelo de arroz e desmamadas aos 42 ou 63 dias pós-parto, ou não suplementadas e desmamadas aos 63 dias. A idade das vacas variou de 3 a 12 anos, sendo agrupadas em quatro classes, primíparas, jovens, adultas e velhas. O ganho de peso médio diário (GMD) do parto aos 63 dias pós-parto f (mais) oi maior para as vacas suplementadas. Vacas desmamadas aos 42 dias apresentaram maior diferença de peso (61,5 kg), do parto ao diagnóstico de gestação, em relação às não suplementadas (45,7 kg), não diferindo das suplementadas desmamadas aos 63 dias (57,8 kg). Do final do período de acasalamento ao diagnóstico de gestação as mestiças CN apresentaram maior GMD (860 g), em relação às C (552 g) e N (648 g), não diferindo das mestiças NC (670 g). Vacas N foram mais leves em relação aos demais grupos genéticos, em todos os períodos. Vacas primíparas e velhas perderam peso, enquanto as jovens e adultas apresentaram leve ganho de peso do parto ao desmame. Vacas suplementadas desmamadas aos 42 dias apresentaram menor intervalo de partos (IP), em relação as desmamadas aos 63 dias (367 contra 384 dias), no entanto, não diferiram quanto à percentagem de parição, respectivamente, 72,0 e 72,2%. Nas vacas desmamadas aos 63 dias, a suplementação não alterou o IP, mas resultou em aumento significativo na taxa de reprodução (72,2 contra 53,7%). Vacas adultas e velhas que desmamaram aos 42 dias apresentaram IP inferior a um ano, 356 e 353 dias, respectivamente, apresentaram maiores peso e condição corporal, por ocasião do diagnóstico de gestação, e maior taxa de parição, respectivamente, 80,0 e 76,3%, contra 41,4 e 57,5% que o observado nas primíparas e jovens. Resumo em inglês The objective of this experiment was to evaluate the performance of Charolais (C), Nellore (N), CN and NC crossbred cows, kept on native pasture, supplemented with rice bran and weaned at 42 or 63 days, or not supplemented and weaned of 63 days. Cow age ranged from 3 to 12 years and was classified into four groups, first calf, young, adult and old cows. Average daily weight gain (ADG) from calving to 63 days postpartum was higher for supplemented cows. Cows weaned at 42 d (mais) ays showed higher weight difference (61.5 kg) from calving to pregnancy diagnostic than the not supplemented cows (45.7 kg), and did not differ from the supplement cows weaned at 63 days (57.8 kg). From the end of the mating season to the pregnancy diagnostic the CN crossbred cows showed higher ADG (860 g) than the C (552 g) and N (648 g) and did not differ from the NC (670 g). Nellore cows were lighter than the other genetic groups at all periods evaluated. First calf and old cows lost weight, while young and adult cows showed light weight gain from calving to weaning. Supplemented cows weaned at 42 days showed lower calving interval (CI) than those weaned at 63 days (367 vs 384 days), however, did not differ in calving rate, respectively, 72.0 and 72.2%. For 63 days weaned cows, supplementation did not alter CI, but resulted in significant increase in calving rate (72.2 vs 53.7%). Adult and old cows weaned at 42 days showed shorter CI than one year, 356 and 353 days, respectively, displayed higher weight and body condition at gestation diagnostic and higher calving rate, respectively, 80.0 and 76.3 %, versus 41.4 and 57.5%, observed for first calf and young cows.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

10

Atividade ovariana de vacas leiteiras em dietas com propilenoglicol ou monensina no período de transição/ Ovarian activity of dairy cows receiving diets with propylene glycol or monensin during the transition period

Artunduaga, M.A.T.; Sá Fortes, R.V.; Coelho, S.G.; Reis, R.B.; Lana, A.M.Q.; Carvalho, A.U.; Marques Júnior, A.P.
2008-04-01

Resumo em português Avaliou-se o efeito da adição de propilenoglicol ou de monensina na dieta de vacas leiteiras no período de transição sobre o retorno à atividade ovariana cíclica. Foram utilizadas 42 vacas pluríparas, da raça Holandesa, com produção de leite semelhante na lactação anterior (média de 8.000kg). Os animais, distribuídos em um delineamento inteiramente ao acaso, foram divididos em grupos que receberam dieta-controle e dietas acrescidas com 300ml de propilenogli (mais) col ou 30ppm da matéria seca da dieta/dia de monensina. Avaliaram-se os ovários, por ultra-sonografia, entre os dias quatro e 46 pós-parto, e a concentração plasmática de progesterona, nos dias 10, 20, 25, 30, 35, 40 e 45 pós-parto. A adição de propilenoglicol mostrou-se eficiente em acelerar o retorno à ciclicidade após o parto. Os animais dos grupos que receberam propilenoglicol só no pré-parto, ou no pós-parto e no período de transição apresentaram intervalos parto-primeira ovulação de 29,0, 44,0 e 27,2 dias, respectivamente. Os intervalos parto-concepção para esses mesmos grupos foram de 98,3, 90,8, e 100,0 dias. A adição de monensina não se mostrou eficiente em acelerar o retorno à atividade ovariana cíclica após o parto. As vacas dos grupos que receberam monensina só no pré-parto, ou pós-parto, ou no período de transição apresentaram intervalos parto-primeira ovulação de 43,6, 39,3 e 42,8 dias, respectivamente. Os intervalos parto-concepção para os grupos pré e pós parto foram de 173,2, e 126,1 dias, respectivamente. Resumo em inglês The influence of the addition of propylene glycol or monensin to diets of dairy cows during the transition period on return to ovarian cyclicity was evaluated. Forty two multiparous Holstein cows with an average milk production of 8,000kg were distributed in a split-plot design and were divided into groups receiving either control diets or diets increased with 30ppm of monensin or 300ml of propylene glycol during the transition period. Ovaries were evaluated by ultrasonog (mais) raphy between days 4 and 46 post-partum. On days 10, 20, 25, 30, 35, 40, and 45 post-partum, blood samples were taken to assay progesterone. The addition of propylene glycol showed to be more efficient in accelerate the return to cyclic ovarian activity. Cows that received propylene glycol just during pre-partum, post-partum or during the hole transition period showed intervals from parturition to first ovulation of 29.0, 44.0 and 27.2 days, respectively. The intervals from parturition to conception for the same groups were 98.3, 90.8, and 100.0 days, respectively. The addition of monensin to diets did not show positive effects on post-partum return to ovarian cyclicity. Cows that received monensin just during pre-partum, post-partum or during the hole transition period showed intervals from parturition to first ovulation of 43.6, 39.3, and 42.8 days, respectively. The interval from parturition to conception for cows that received monensin pre and post-partum were 173.2 and 126.1 days, respectively.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

11

Desempenho produtivo de vacas da raça Gir leiteira em confinamento alimentadas com níveis de concentrado e proteína bruta nas dietas/ Productive performance of dairy Gyr cows in feedlot fed levels of concentrate and crude protein in diets

Teixeira, Rafael Monteiro Araújo; Lana, Rogério de Paula; Fernandes, Leonardo de Oliveira; Oliveira, André Soares de; Queiroz, Augusto César de; Pimentel, Joabe Jobson de Oliveira
2010-11-01

Resumo em português Objetivou-se avaliar o efeito de níveis crescentes de concentrado e de proteína bruta em dietas sendo avaliadoo consumo de matéria seca e de nutrientes, coeficientes de digestibilidades, produção e composição do leite e eficiência de utilização de alimentos. Vinte vacas em lactação foram distribuídas em delineamento em blocos casualizados, com cinco repetições por dieta, definidas conforme a produção de leite. As dietas experimentais foram constituídas d (mais) e silagem de sorgo como volumoso e concentrado nos níveis de 11,7; 23,3; 35,2; e 46,8%, com quatro níveis de proteína bruta (PB) (11,0; 12,0; 14,0; e 16,0%), com base da MS da dieta. Aumentos nos níveis de concentrado e de proteína bruta levaram a maior aumento no consumo de matéria seca total. O coeficiente de digestibilidade da proteína bruta foi influenciado pelos maiores níveis de concentrado e proteína bruta da dieta. A produção de leite foi maior nas vacas alimentadas com as dietas com maior nível de concentrado e PB, mas não diferiu entre as vacas que receberam as dietas intermediárias. Para vacas Gir linhagem leiteira mantidas nas condições desta pesquisa, níveis de 23,3% de concentrado e 12,0% de proteína bruta na dieta proporcionam melhor resposta produtiva. Resumo em inglês The objective of this work was to evaluate the effect of increasing levels of concentrate and crude protein in the diets, in which intakes of dry matter and nutrients, coefficients of digestibility, milk production and composition and efficiency of food use were evaluated. Twenty cows in lactation were distributed in a random block design, with five replicates per diet, defined according to milk production. The experimental diets were constituted of sorghum silage as roug (mais) hage and concentrate at the following levels: 11.7; 23.3; 35.2 and 46.8% with four levels of crude protein (CP) (11.0; 12.0; 14.0 and 16.0%) on diet dry matter basis. Increases in the levels of concentrate and crude protein caused a greater increase in the total dry matter intake. The coefficient of digestibility of crude protein was influenced by greater levels of concentrate and crude protein in the diet. Milk production was greater for cows fed diets with greater levels of concentrate and crude protein but it did not differ among cows fed other diets. For cows of milking Gyr breed kept in the conditions of this research, levels of 23.3% concentrate and 12% of crude protein in the diet present the best productive response.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

12

Enfermidades digitais em vacas de aptidão leiteira: associação com mastite clínica, metrites e aspectos epidemiológicos/ Foot diseases in dairy cows: association with clinical mastitis, metrites and predisposed factors

Silva, Luiz Antônio Franco da; Fioravanti, Maria Clorinda Soares; Trindade, Bruno Rodrigues; Silva, Olízio Claudino da; Eurides, Duvaldo; Cunha, Paulo Henrique Jorge da; Silva, Leonardo Marçal da; Moura, Maria Ivete de
2004-12-01

Resumo em português Utilizaram-se nesse estudo 5300 vacas de aptidão leiteira, provenientes de 80 propriedades rurais, que adotavam manejo intensivo ou semi-extensivo, com o objetivo de averiguar a existência de possível associação entre enfermidades digitais, mastite clínica e/ou metrite e identificar possíveis fatores de risco das enfermidades digitais. Em 325 (6,13%) vacas foram diagnosticados apenas enfermidades digitais, em 35 (0,66%) enfermidades digitais e mastite clínica, em (mais) 52 (0,98%) enfermidades digitais e metrite, em 28 (0,53%) enfermidades digitais, mastite clínica e metrite, em 128 (2,42%) apenas metrite, em 165 (3,11%) somente mastite clínica, e em 89 (1,68%) vacas metrite e mastite clínica. As mudanças bruscas na alimentação, o excesso de sujidades nas instalações, os pisos irregulares e abrasivos, a não utilização ou uso incorreto de pedilúvio, a falta de casqueamento preventivo, a ausência de quarentena, e a aquisição de animais sem a preocupação com o aspecto sanitário foram considerados os fatores de risco de maior ocorrência. Foi constatada diferença significativa entre a ocorrência de enfermidades digitais, mastite clínica e metrite, além de associação fraca entre tais enfermidades, concluindo-se que não houve relação expressiva entre enfermidades podais, mastite clínica e metrite em vacas lactantes. Resumo em inglês With the objective to investigate a possible association between foot diseases, clinical mastitis and/or metritis and predisposing factors for foot diseases, 5300 dairy cows from 80 intensive and semi-intensive farms were used. In 325 (6.13%) cows only foot disease was diagnosed, in 35 (0.66%) foot disease and clinical mastitis, in 52 (0.98%) foot disease and metritis, in 28 (0.53%) foot disease, clinical mastitis and metritis, in 128 (2.42%) only metritis, in 165 (3.11%) (mais) only clinical mastitis, and in 89 (1.68%) cows metritis and clinical mastitis. Rapid changes in the diet, high exposure time of hoof horn to slurry and wet conditions, concrete floors, use of footbaths, low frequency of claw trimming, irregular quarantine, and no attention to health aspects during acquisition of the animals were considered as major risk factors for the occurrence of those diseases. The McNemar test for dependent samples showed significant statistical differences between the occurrence of foot disease, clinical mastitis and metritis, in spite of the poor association between those diseases. It was concluded that there was no expressive relationship between foot diseases, clinical mastitis and metritis in lactent cows.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

13

Características de carcaça de vacas de descarte e novilhos mestiços Charolês × Nelore em confinamento sob diferentes frequências de alimentação/ Carcass characteristics of cows and steers from different genetic groups, in feedlot under different feeding frequencies

Ferreira, Julcemir João; Menezes, Luís Fernando Glasenapp de; Restle, João; Brondani, Ivan Luiz; Alves Filho, Dari Celestino; Callegaro, Álisson Marian
2009-10-01

Resumo em português O estudo foi realizado com o objetivo de avaliar as características de carcaça de novilhos e vacas de descarte de dois grupos genéticos sob diferentes frequencias de alimentação. Foram utilizados 12 novilhos e 12 vacas de descarte, de modo que cada categoria foi formada de seis animais 5/8 Charolês (C) - Nelore (N) e seis animais 5/8NC, submetidos a três frequencias alimentação; duas vezes ao dia (às 7 e 19 h); três vezes ao dia (às 7, 13 e 19 h); e quatro vez (mais) es ao dia (às 7, 11, 15 e 19 h). Os animais foram terminados em confinamento recebendo como volumoso silagem de milho e concentrado à base de farelo de trigo, grão de milho moído, farelo de soja, calcário calcítico e sal, com relação volumoso:concentrado 40:60. O aumento na frequência de alimentação não influenciou a qualidade da carcaça dos animais. As vacas apresentaram maiores pesos de abate e de carcaça quente e fria (509,7; 280,0; e 277,1 kg) em comparação aos novilhos (414,5; 230,5 e 228,1 kg), no entanto, os rendimentos de carcaça quente e fria e as perdas por resfriamento foram semelhantes entre novilhos e vacas de descarte. As características que expressam a musculosidade da carcaça foram melhores nas vacas, que apresentaram maior espessura de coxão (25,88 vs 23,33 cm). As características métricas foram mais expressivas nas vacas, que tiveram carcaças mais longas (132,8 vs 122,3 cm) e maior espessura de gordura (6,21 vs 3,83 mm). As vacas também foram superiores quanto aos pesos de dianteiro e traseiro (103,5 e 133,0 kg) em comparação aos novilhos (84,7 e 111,8 kg), que apresentaram maior percentual de traseiro na carcaça (49,06 vs 48,04%). Entre os grupos genéticos, os animais 5/8C 3/8N apresentaram maior espessura de coxão, área do músculo Longissimus dorsi e comprimento de carcaça (25,7 cm; 64,0 cm² e 137,0 cm) em comparação aos 5/8N 3/8C (23,5 cm; 57,0 cm² e 124,8 cm). Resumo em inglês The objective of this study was to evaluate carcass characteristics of steers and cull cows from two genetic groups, under different feeding frequencies. Twelve steers and twelve cull cows were used and each category consisted of six animals 5/8 Charolais (C) - Nellore (N) and six animals 5/8NC, under three feeding frequencies: twice a day (7 a.m. and 7 p.m.); three times a day (7 a.m., 1 p.m. and 7 p.m.) and four times a day (7 a.m., 11 a.m., 3 p.m. and 7 p.m.). The anim (mais) als were feedlot finished receiving corn silage as forage and concentrate based on wheat bran, corn ground, soybean meal, limestone and salt, with a forage:concentrate ratio of 40:60. The increase in feeding frequency did not influence the animal carcass quality. The cows showed higher slaughter, hot and cold carcass weights (509.7; 280.0; and 277.1 kg) compared to the steers (414.5; 230.5 and 228.1 kg), but the hot and cold carcass dressing percentages and carcass chilling loss were similar in the steers and cull cows. The characteristics that express carcass muscularity were better in the cows that had greater thigh thickness (25.88 vs 23.33 cm). The metrical characteristics were more expressive in the cows which had longer carcasses (132.8 vc 122.3 cm) and greater fat thickness (6.21 vs 3.83 mm). The cows also were superior for forequarter and sawcut weights (103.5 and 133 kg) compared to the steers (84.7 and 111.8 kg), which presented higher sawcut percentage in the carcass (49.06 vs 48.04%). Between the genetic groups, 5/8C3/8N animals presented higher thigh thickness, Longissimus dorsi area and carcass length (25.7 cm; 64 cm² and 137 cm) compared to 5/8N3/8C (23.5 cm; 57 cm² and 124.8 cm).

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

14

Curvas de lactação de vacas F1 Holandês-Gir ajustadas pela função gama incompleta/ Lactation curves adjusted by incomplete gamma function for crossbred F1 Holstein-Gyr cows

Oliveira, H.T.V.; Reis, R.B.; Glória, J.R.; Quirino, C.R.; Pereira, J.C.C.
2007-02-01

Resumo em português Estudaram-se o padrão das curvas de lactação de 5.368 vacas F1 Holandês-Gir pelo modelo gama incompleto e os efeitos da ordem de lactação e época de parição sobre os parâmetros da função e sobre a produção inicial (PI), produção no pico de lactação (PP), tempo ao pico de lactação (TP), persistência (PER) e produção total de leite estimada na lactação (PLTLE). As curvas de lactação apresentaram-se curvilíneas com queda da produção a partir do (mais) início da lactação. A diferença entre a produção de multíparas e primíparas foi de 48,9%, favorável às primeiras. As multíparas apresentaram maior queda na produção no primeiro mês de lactação e maior persistência, enquanto as primíparas apresentaram fortes quedas ao longo de toda lactação e menor persistência. A diferença da produção de leite entre lactações iniciadas na época seca e das águas foi de 1,6%, favorável à primeira. Os resultados para produção relativa mensal, queda percentual na produção referente ao mês anterior e queda percentual na produção referente ao primeiro mês de lactação indicam poucas diferenças no formato das curvas de lactação para vacas paridas nas épocas da seca e das águas. Baixos valores de R² encontrados indicam que a função não produziu bom ajuste para a curva de lactação de vacas desse grupo genético. Resumo em inglês The lactation curves of 5,368 crossbred F1 Holstein-Gyr cows were studied. The gamma incomplete function was used as a model. The effects of parity and season of calving on the gamma incomplete parameters, the inicial milk production, the peak of production, the time to the peak of production, the lactation persistency and the total milk production were measured. The lactation curves showed curvilinear effect with decreasing in milk production since the beginning. The mul (mais) tiparous cows produced 48.9% more milk, more reduction in milk production during the first month of lactation and higher lactation persistency than primiparous cows. Although the lactation curves were similar, average milk production from dry season calving cows was 1.6% higher than those for rainy season calving. Low R² values suggested that the gamma incomplete function did not fit as a model for the lactation curves of this genetic group.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

15

Produção e composição do leite de vacas em pastagem de capim-elefante (Pennisetum purpureum) suplementado com diferentes fontes de carboidratos/ Milk production and composition of dairy cows grazing elephantgrass (Pennisetum purpureum) supplemented with different sources of carbohydrates

García, G.A.G.; Reis, R.B.; Pereira, A.B.D.; Saturnino, H.M.; Coelho, S.G.
2010-08-01

Resumo em português Avaliaram-se os efeitos da silagem de grãos úmidos de milho e da substituição parcial ou total de milho seco por polpa de citrus sobre a produção e a composição do leite de vacas mantidas em pastejo de capim-elefante, manejado intensivamente. Foram utilizadas 12 vacas da raça Holandesa, "de alta cruza" distribuídas em quatro tratamentos, em delineamento do tipo quadrado latino. Todas as vacas receberam concentrados que diferiram nas fontes de carboidratos: milho (mais) -grão seco moído, polpa de citrus mais milho grão seco moído, polpa de citrus e silagem de grãos úmidos de milho. Não foi detectada diferença (P>0,05) na produção de leite total, de leite corrigido para gordura (LCG 3,5) e para sólidos (LCS) entre tratamentos. Vacas que receberam milho-grão seco e silagem de milho de alta umidade apresentaram maior porcentagem de proteína e sólidos totais no leite (P Resumo em inglês Twelve Holstein dairy cows were assigned to one of four treatments in a 4x4 latin square design. Cows grazed Elephant grass and were supplemented with different concentrates which differed in the carbohydrate source as follows: ground dry corn (MG), citrus pulp plus ground dry corn (MP), citrus pulp (PC), and high moisture corn (MU). There was no difference (P>0.05) between treatments neither in total milk production corrected for 3.5% nor in milk production corrected (mais) for solids. Cows fed ground dry corn and high moisture corn showed higher levels of milk protein and milk total solids (P

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

16

Eficiência bioeconômica de vacas de diferentes níveis de produção de leite por lactação e estratégias de alimentação/ Bioeconomic efficiency of cows of different milk yield levels per lactation and feeding strategies

Rennó, Francisco Palma; Pereira, José Carlos; Leite, Carlos Antônio Moreira; Rodrigues, Marcelo Teixeira; Campos, Oriel Fajardo de; Fonseca, Dilermando Miranda da; Rennó, Luciana Navajas
2008-04-01

Resumo em português Avaliou-se a eficiência bioeconômica de vacas de diferentes níveis de produção de leite por lactação submetidas a sete estratégias de alimentação. Utilizou-se um modelo de simulação desenvolvido com os programas CNCPS v5.0 e planilhas eletrônicas do Microsoft Excell®, de forma a simular a produção e as exigências de nutrientes de uma lactação completa para vacas de diferentes níveis de produção. Foram realizadas avaliações da eficiência bioeconôm (mais) ica (EBE) em vacas de cinco níveis de produção de leite (10,15,20, 25 e 30 kg/dia), em sete estratégias de alimentação. A EBE foi definida de forma semelhante à eficiência biológica, considerando a quantidade de alimentos utilizada e a produção de leite obtida multiplicada pelos respectivos valores econômicos. Também com o propósito de avaliar a EBE das vacas de cada nível de produção, foram avaliados o produto físico médio (PFme) e o produto físico marginal (PFma) de cada nível de produção e de cada estratégia de alimentação. Na avaliação do PFma, foram estimadas equações de regressão da produção de leite por vaca considerando o nível de utilização de concentrados e os custos de alimentação. A eficiência bioeconômica de vacas de diferentes níveis de produção comprovou que a maior eficiência biológica de vacas de maior produção de leite por lactação não resultou, necessariamente, em maior eficiência bioeconômica. A eficiência de utilização de concentrados, quando avaliada em níveis crescentes de produção de leite por vaca, segue a lei dos retornos decrescentes e influencia a eficiência bioeconômica quanto maior o nível de produção de leite por vaca. Resumo em inglês This work was carried out to evaluate the bioeconomic efficiency of cows of different levels of milk yield per lactation, under different feeding strategies. The bioeconomic evaluations was carried out in cows of five milk yield levels and seven feeding strategies The simulation model was developed with the programs CNCPS v5.0 and electronic spreadsheets of Microsoft Excell®, in way to simulate the production and demands of nutrients of a complete lactation for cows of d (mais) ifferent milk yield levels. The bioeconomic efficiency (EBE) were evaluated in cows of five milk yield levels, in seven feeding strategies. The EBE was defined similarly to the biological efficiency, considering the amount of feeds utilized and the milk production obtained, multiplied by the respective economical values. Also, with the purpose of evaluating EBE of the cows of each production level, were evaluated the medium physical product (PFme) and the marginal physical product (PFma) for each production level and feeding strategy. In the evaluation of PFma, regression equations of milk yield per cow in function of concentrate level utilization and total feeding costs were estimate. The largest biological efficiency of cows of greater milk yield per lactation not result, necessarily, in larger bioeconomic efficiency. The efficiency of the use of concentrate, when evaluated in crescent milk yield per cows, follows the law of the decreasing returns and influences the bioeconomic efficiency as higher is the milk production level per cow.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

17

Produção e composição do leite de vacas de quatro grupos genéticos submetidas a dois manejos alimentares no período de lactação/ Production and composition of milk of cows of four genetic groups submitted to two feeding managements during the lactation period

Cerdótes, Liliane; Restle, João; Alves Filho, Dari Celestino; Nörnberg, Maria de Fátima Barros Leal; Nörnberg, José Laerte; Heck, Ivan; Silveira, Magali Floriano da
2004-06-01

Resumo em português O objetivo deste trabalho foi avaliar a produção e composição do leite de vacas de corte das raças Charolês (C), Nelore (N), mestiças CN filhas de touros C e mestiças NC filhas de touros N, mantidas em pastagem nativa e submetidas a diferentes manejos no pré-desmame: suplementadas com farelo de arroz integral (0,7% do peso vivo) e que desmamaram aos 42 ou 63 dias pós-parto, ou não suplementadas e que desmamaram aos 63 dias. A idade das vacas variou de 3 a 12 an (mais) os, sendo agrupadas em quatro classes: primíparas, jovens, adultas e velhas. Os dados foram submetidos à análise de variância, cujo modelo estatístico incluiu os efeitos de manejo, grupo genético e idade da vaca, período e as interações entre esses fatores. Os teores de lactose e gordura não foram influenciados pelos fatores estudados. Houve interação significativa entre idade da vaca e período para a produção de leite e entre manejo e idade da vaca para o teor de proteína. Vacas suplementadas apresentaram maior produção de leite (3,85 contra 3,25 L/dia), teor de extrato seco total - EST (12,18 contra 11,83%) e teor de extrato seco desengordurado - ESD (8,75 contra 8,57%). A produção de leite decresceu com o avanço do período de lactação, sendo a queda mais acentuada nas vacas não suplementadas. Vacas CN produziram mais leite (4,17 L/dia) do que as puras, não diferindo das NC (3,76 L/dia). Vacas N apresentaram produção de leite similar (3,76 L/dia) às C (3,11 L/dia). No entanto, as primeiras apresentaram leite com melhor qualidade, incluindo proteína (3,16 contra 2,86%), EST (12,52 contra 11,46%) e ESD (8,87 contra 8,49%). Vacas adultas apresentaram maior teor de ESD, seguidas das vacas jovens, das primíparas e das velhas, com valores de 8,86; 8,62; 8,62; e 8,54%, respectivamente. Resumo em inglês The objective of this work was to evaluate the production and composition of milk of beef cows of four genetic groups, including Charolais (C), Nellore (N), CN crossbreds daughters of C bulls, and NC crossbreds, daughters of N bulls, maintained on native pasture and submitted to different managements during pre-weaning: supplemented with rice bran (.7% of the body weight) and weaned at 42 or 63 days postpartum, or non supplemented and weaned at 63 days. The cow age varied (mais) from 3 to 12 years, being classified as: first calf, young, adult and old cows. The data were submitted to variance analysis, the statistic model included management, cow genetic group, cow age and period effects and the interactions among these factors. Lactose and fat contents were not influenced by the factors studied. There was a significant interaction between cow age and period for milk production and between management and cow age for protein content. Supplemented cows showed higher milk production (3.85 vs 3.25 L/day), total dry extract content - EST (12.18 vs 11.83%) and nonfat dry extract content - ESD (8.75 vs 8.57%). The milk production declined as the lactation period advanced, and the reduction was more accentuated in the non supplemented cows. CN crossbred cows produced more milk (4.17 L/day) than the straigthbreds, not differing from the NC crossbred (3.76 L/day). N cows showed milk production similar to the C cows, respectively, 3.16 and 3.11 L/day. However, N cows milk was of better quality, including protein (3.16 vs 2.86%), EST (12.52 vs 11.46%) and ESD (8.87 vs 8.49%). Adult cows showed higher ESD content, followed by the young cows, first calf and old cows, being 8.86; 8.62; 8.62 and 8.54%, respectively.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

18

Afecções podais em vacas da bacia leiteira de Rondon do Pará/ Foot disorders in cows from basin milk of Rondon do Pará

Silveira, José Alcides S.; Albernaz, Tatiane T.; Oliveira, Carlos Magno C.; Duarte, Marcos D.; Barbosa, José Diomedes
2009-11-01

Resumo em português As doenças digitais estão entre as principais causas de performance reduzida de rebanhos leiteiros. Com o objetivo de determinar a prevalência, classificar clinicamente e estabelecer os fatores epidemiológicos das enfermidades podais em vacas da bacia leiteira de Rondon do Pará, foram avaliadas 1.236 vacas, das quais 275 apresentaram pelo menos um tipo de lesão podal. Identificou-se 655 lesões, o que resultou em uma prevalência de 22,25%. As enfermidades mais freq (mais) uentes foram hiperplasia interdigital (80,92%), necrobacilose interdigital (6,11%) e cascos com crescimento excessivo (6,42%). Os membros pélvicos foram os mais acometidos (61,83%) e o espaço interdigital, tanto nos membros torácicos (36,34%), quanto nos pélvicos (48,09%), a região digital acometida com maior frequência. O estudo epidemiológico mostrou que características ambientais tais como relevo montanhoso, pastagem em formação com presença de troncos e galhos de árvores, irregularidades nos pisos dos currais, presença de piçarra e lama podem favorecer o aparecimento das lesões podais. Constatou-se a ausência de medidas de controle e profilaxia de afecções que acometem os cascos em 95,5% das propriedades estudadas. O exame clínico específico do casco foi eficiente no diagnóstico das enfermidades. Resumo em inglês Foot diseases are some of the main causes of low performance in dairy cows. In order to determine the prevalence, clinical classification and to establish the epidemio-logical factors of foot diseases in cows from basin milk of Rondon do Pará, 1,236 cows were evaluated and 275 had at least one type of foot injury. A total of 655 lesions was showed which a prevalence of 22.25%. Most frequent lesions were interdigital hyperplasia (80.92%), claw overgrowth (6.42%), and inte (mais) rdigital necrobacillosis (6.11%). Hind limbs were most frequently affected (61.83%), and lesions affecting the interdigital space were the most common in both the thoracic (36.34%) and hind limbs (48.09%). Epidemiological study showed that the environmental characteristics such as mountainous areas, newly formed grassland (with trunks and branches of trees), irregular ground, and mud and gravel in the floor of the pens may promote the development of foot lesions. In 95.5% of the farms, no measures had been taken for the control and prophylaxis of foot diseases. The specific clinical examination of the feet was efficient for the diagnosis.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

19

Efeitos do manejo pós-parto de vacas primíparas no desempenho de bezerros de corte até um ano de idade/ Effects of post-partum management of primiparous cows on growth of beef calves up to one year of age

Pötter, Bernardo Augusto Albornoz; Lobato, José Fernando Piva; Schenkel, Flávio Schramm
2004-04-01

Resumo em português Os efeitos no desenvolvimento de bezerros submetidos a: a) três tratamentos, consitindo de cargas animais pós-parto (CA) de 240 kg de peso vivo (PV)/ha (tratamento 1, T1), de 320 kg de PV/ha (T2), ambas em campo nativo, e de 400 kg de PV/ha em pastagem melhorada de azevém (Lolium multiflorum L.) por 80 dias pós-parto e, posteriormente, em CA igual à do T2 em campo nativo (T3); b) duas idades de desmame, consistindo de desmame aos 100 (DP) ou 180 (DC) dias de idade, f (mais) oram avaliados utilizando 92 bezerros filhos de vacas primíparas Hereford e Braford. O sexo dos bezerros influenciou significativamente o peso ao nascer, não sendo observado efeito da raça da vaca. Os tratamentos e a raça da vaca não influenciaram o ganho médio diário (GMD) dos bezerros do nascimento ao desmame precoce. Bezerros filhos de vacas Braford tiveram maiores pesos no DP (PDP) que os filhos de vacas Hereford, enquanto os tratamentos não influenciaram o PDP. Os bezerros filhos de vacas Braford no T2 tiveram GMD até os 180 dias (GMD180) e PV aos 180 dias (PAJ180) superiores aos bezerros filhos de vacas Braford no T1 e Hereford no T2. Os bezerros do DP tiveram GMD180 e PAJ180 significativamente inferiores aos bezerros do DC. Entretanto, não se verificaram efeitos de tratamentos e idade de desmame sobre o GMD até os 365 dias e o peso ajustado aos 365 dias de idade. Portanto, os três manejos pós-parto das vacas e as duas idades de desmame dos bezerros avaliados não influenciaram o desenvolvimento dos bezerros a um ano de idade. Resumo em inglês The effects on the performance of calves submitted to: a) three treatments, consisted of post-partum stocking rates (CA) of 240 kg of live weight (LW)/ha (treatment 1, T1), of 320 kg of LW/ha (T2), both on natural pastures, and of 400 kg of LW/ha on improved pasture of Italian ryegrass (Lolium multiflorum L.) during the first 80 days post-partum, and after on natural pasture at the same stocking rate as T2 afterwards (T3); b) two weaning ages, consisted of weaning at 100 (mais) (EW) and at 180 (CW) days of age, were evaluated using 92 beef calves from Hereford and Braford primiparous cows. The sex of the calves affected significantly the birth weight, and no effect was observed for the breed of cow. The treatments and breed of cow did not affect the average daily gain (ADG) of the calves from birth to early weaning (GEW). Calves born from Braford cows had higher LW at EW (WEW) than calves born from Hereford cows, while the WEW was not affected by the treatments. Calves born from Braford cows on T2 had ADG up to 180 days (ADG180) and LW at 180 days (LW180) greater than calves born from Braford cows on T1 and Hereford cows on T2. Calves from CW had greater LW180 and ADG180 than calves from EW. However, treatments and weaning ages did not affect the LW at 365 days and the ADG up to 365 days of age. The three cows post-partum management schemes and the two calves weaning ages evaluated did not affect the calves performance up to one year of age.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

20

Eficiência produtiva em vacas primíparas das raças Aberdeen Angus e Charolês/ Productive efficiency of Angus and Charolais primiparous cows

Ribeiro, Edson Luis de Azambuja; Restle, João; Rocha, Marco Antônio da; Mizubuti, Ivone Yurika; Silva, Leandro das Dôres Ferreira da
2001-02-01

Resumo em português Este trabalho foi conduzido com o objetivo de avaliar o desempenho produtivo de vacas de corte. Foram utilizadas 30 vacas da raça Aberdeen Angus e 32 da raça Charolês primíparas, prenhes no início do experimento, com bezerros puros ou mestiços Nelore. As vacas foram submetidas a diferentes tratamentos alimentares durante o inverno e a primavera: T1 - pastagem natural, T2 - pastagem cultivada por 60 dias (24 horas/dia), do início de setembro ao início de novembro, (mais) T3 - acesso à pastagem cultivada por duas horas diárias, por um período de 60 dias (de início de julho ao início de setembro), T4 - acesso à pastagem cultivada por duas horas diárias, por um período de 60 dias (de início de julho ao início de setembro), e mais 60 dias (24 horas/dia) de pastagem cultivada do início de setembro ao início de novembro. As medidas de eficiência produtiva foram: EPPARTO = (P205/PVP)*100; EPDESMAME = (P205/PVD)*100; EPMBPARTO = (P205/PVP0,75); EPMBDESMAME = (P205/PVD0,75); e EPNDT = NDTTOTAL/P205, em que P205 é o peso ao desmame dos bezerros; PVP e PVD, os pesos das vacas ao parto e ao desmame, respectivamente; e NDTTOTAL, a exigência em energia para manutenção e produção de leite das vacas. As vacas Aberdeen Angus, com bezerros machos e aquelas com bezerros mestiços, foram mais eficientes. Vacas que utilizaram a pastagem cultivada por um período de tempo maior (T4) tiveram melhor desempenho do que aquelas que permaneceram apenas em pastagem natural(T1); as vacas dos outros tratamentos tiveram desempenhos intermediários. Resumo em inglês The objective of this work was to evaluate the productive efficiency of beef cows. Thirty Angus and 32 Charolais primiparous cows, pregnant at the beginning of the experiment with straightbred or crossbred calves, were evaluated. The cows were submitted to different feeding management during winter and spring: T1 -- Native pasture, T2 -- Cultivated pasture for 60 days (24 hours/day), from early September to early November, T3 -- Cultivated pasture for two hours a day, for (mais) 60 days, from early July to early September, T4 - Cultivated pasture for two hours a day, for 60 days, from early July to early September, and more 60 days on cultivated pasture (24 hours/day), from early September to early November. Productive efficiency was measured by CALVINGPE = (W205/CWC)*100, WEANINGPE = (W205/CWW)*100, CALVINGMBPE = (W205/CWC.75), WEANINGMBPE = (W205/CWW.75) and TDNPE = TDNTOTAL/W205, where W205 is the calf weaning weight and CWC and CWW are the cow weight at calving and weaning, respectively. TDNTOTAL is the total energy requirement (maintenance + milk production) of the cow. Aberdeen Angus cows, cows with male calves and cows with crossbred calves were more efficient. Cows that had access to cultivated pasture for a long period of time (T4) had better performance than those that were maintained on native pasture only (T1). Cows of the other treatments had intermediate performance.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

21

Influência das taxas de ganho de peso pré-desmame das vacas e do tipo de pastagem no período pós-parto sobre a eficiência biológica de vacas e de bezerros de corte/ Effects of different preweaning rates of body weight gain and type of pasture during the postpartum on biological efficiency of beef cows and calves

Restle, João; Pacheco, Paulo Santana; Freitas, Aline Kellermann de; Brondani, Ivan Luiz; Padua, João Teodoro; Fernandes, Juliano José de Resende; Alves Filho, Dari Celestino
2007-08-01

Resumo em português Objetivou-se com este estudo avaliar a influência de duas taxas de ganho de peso de bezerras (baixa: 340 ± 32 g/dia ou moderada: 490 ± 29 g/dia) do nascimento aos 7 meses de idade e do tipo de pastagem no período pós-parto, quando vacas, sobre sua eficiência biológica e de seus bezerros até o desmame (aos 217 dias). Quando vacas e após o parto, os animais foram mantidos em pastagem nativa (PN) ou em pastagem cultivada (PC). Durante a lactação, vacas (mais) com baixa taxa de ganho de peso pré-desmame apresentaram maior produção de leite. Houve similaridade entre as taxas de ganho de peso baixa e moderada para a conversão de litros de leite (7,32 e 6,44 L/kg, respectivamente) e de kg de MS de leite produzido pelas vacas (1,00 e 0,86 kg/kg, respectivamente) em kg de ganho de peso dos bezerros; a exigência total de energia líquida para mantença (mantença + gestação + produção de leite) (TOTELm) (2.733,7 e 2.316,7 Mcal, respectivamente); TOTELm por kg de bezerro desmamado (14,7 e 14,7 Mcal/kg, respectivamente); e kg de bezerro desmamado por 100 kg de vaca ao desmame (42,0 e 38,7 kg/100 kg, respectivamente). No entanto, vacas com baixa taxa de ganho de peso pré-desmame desmamaram mais kg de bezerros por unidade de peso metabólico da vaca ao desmame (1,89 vs 1,73 kg/g). Resumo em inglês The objective of this experiment was to evaluate the influence of different rates of weight gain (low: 340 ± 32 g/day or moderate: 490 ± 29 g/day) of heifers, from birth until seven months of age, and the type of pasture after calving, as cows, on the biologic efficiency of cows and their calves until weaning at 217 days. After calving, the animals were maintained on native pasture (NP) or cultivated pasture (CP). During lactation, cows with low preweaning r (mais) ate of weight gain showed higher milk production. Similarity between low and moderate rates of weight gain was verified for conversion of litres of milk (7.32 and 6.44 L/kg, respectively) and kg of dry matter of milk produced by cows (1.00 and 0.86 kg/kg, respectively) into kg of calves weight gain, total requirements of net energy for maintenance (maintenance plus gestation plus milk production) of cows (TOTNEm) (2733.7 and 2316.7 Mcal, respectively), TOTNEm per kg of weaned calve (14.7 and 14.7 Mcal/kg, respectively) and kg of weaned calve per 100 kg of cow at weaning (42.0 and 38.7 kg/100 kg, respectively). However, cows with low preweaning rate of weight gain weaned more kg of calves per unit of cow metabolic weight at weaning (1.89 vs. 1.73 kg/g).

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

22

Desempenho reprodutivo pós-parto de vacas de corte submetidas a indução/sincronização de cio/ Postpartum reproductive performance of beef cows in moderate body condition submitted to estrus induction/synchronization

Brauner, Cássio Cassal; Pimentel, Marcelo Alves; Lemes, Jaqueline Schneider; Pimentel, Cláudio Alves; Moraes, José Carlos Ferrugem
2009-01-01

Resumo em português Para avaliar o desempenho reprodutivo de vacas de corte submetidas à indução/sincronização de cio, foram utilizadas 42 vacas da raça Aberdeen Angus com condição corporal 3 (escala de 1-5) sob manejo extensivo. A produção de leite foi estimada pelo método pesagem-mamada-pesagem. Nos exames ginecológicos, utilizou-se aparelho de ultra-sonografia e palpação trans-retal. Foram considerados fatores fixos nível de produção de leite (acima e abaixo da média de (mais) produção das vacas), gestação, condição reprodutiva pré-acasalamento (CRPA), anestro superficial (tônus uterino, folículos > 10 mm e ausência de CL) e anestro profundo (ausência de tônus uterino, folículos Resumo em inglês To assess the reproductive performance of beef cows submitted to estrus induction/synchronization, 42 Aberdeen Angus cows with body condition 3 (1-5 scale) under extensive management were used. The milk production was estimated through the weight-suckling-weight method. For gynecological examinations, ultrasound equipment and trans-rectal palpation were used. The milk production level (above and below the average production of cows), pregnancy, prebreeding reproductive co (mais) ndition (CRPA), surface anoestrus (uterine tone, follicles > 10 mm and absence of CL) and deep anoestrus (no uterine tone, follicles

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

23

Digestibilidade e metabólitos sanguíneos de vacas da raça Holandesa superovuladas que receberam Lac100® ou linhaça em grão como fontes de gordura/ Digestibility and blood concentration of metabolites in superovulated dairy cows fed Lac100® or linseed as fat sources

Cavalieri, F.L.B.; Santos, G.T.; Silva, D.C.; Rigolon, L.P.; Damasceno, J.C.; Capovilla, L.C.; Betini, C.M.; Ramos, F.S.; Petit, H.V.
2009-08-01

Resumo em português Foram avaliados os efeitos de duas fontes de gordura, Lac100® (Yakult), fonte de ácido graxo ômega-6, e linhaça em grão (Linum usitatissimum) (LIN), fonte de ácido graxo ômega-3, sobre a digestibilidade aparente da matéria seca (DMS), proteína bruta (DPB), fibra em detergente neutro (DFDN), fibra em detergente ácido (DFDA) e extrato etéreo (DEE), e concentrações sanguíneas de HDL, LDL, VLDL, colesterol, triglicerídeos, glicose, cálcio, fósforo, N-ureico e (mais) progesterona. Foram utilizadas 10 vacas da raça Holandesa em lactação, distribuídas nos dois tratamentos, em um delineamento estatístico inteiramente casualizado. Os animais alimentados com Lac100® apresentaram maiores valores de DFDN (57,44% vs. 50,80%) e DEE (77,70% vs. 72,18%) quando comparados aos alimentados com LIN. Os animais alimentados com Lac100® apresentaram maiores concentrações de LDL (111,00 vs. 45,46mg/dL), HDL (82,27 vs. 64,93mg/dL) e colesterol total (203,60 vs. 116,13mg/dL) e menor concentração de N-ureico (13,22 vs. 15,19mg/dL) em relação aos animais alimentados com linhaça em grão. As concentrações sanguíneas de glicose, cálcio, fósforo e progesterona não foram alteradas. Os resultados sugerem que a fonte de gordura na dieta modifica a DFDN e a DEE e, as concentrações sanguíneas de LDL, HDL e colesterol total em vacas em lactação. Resumo em inglês The effect of two sources of fat, calcium salts of soybean oil, Lac100® (Yakult), a source of omega-6 fatty acids or whole flaxseed (Linum usitatissiumum), a source of omega-3 fatty acids were evaluated to determine the apparent digestibility of dry matter (DDM), crude protein (DCP), neutral detergent fiber (DNDF), acid detergent fiber (DADF), and ether extract (DEE); and blood concentrations of HDL, LDL, VLDL, cholesterol, triglycerides, glucose, calcium, phosphorus, N- (mais) urea, and progesterone. Ten lactating Holstein cows were allocated in two treatments and a completely randomized design was used. Cows fed Lac100® had higher values of DNDF (57.44% vs. 50.80%) and DEE (77.70% vs. 72.18%) compared to those fed flaxseed. Cows fed Lac100® had higher blood concentrations of LDL (111.00 vs. 45.46mg/dL), HDL (82.27 vs. 64.93mg/dL), and total cholesterol (203.60 vs. 116.13mg/dL) and lower N-urea (13.22 vs. 15.19mg/dL) compared to those fed flaxseed. Blood concentrations of glucose, calcium, phosphorus, and progesterone were similar between the treatments. These results suggest that dietary fat modifies DNDF and DEE and blood concentrations of LDL, HDL, VLDL, and total cholesterol in lactating dairy cows.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

24

Desempenho de bezerros de corte filhos de vacas submetidas a diferentes manejos alimentares, desmamados aos 42 ou 63 dias de idade/ Performance of beef calves produced by cows submitted to different feeding managements, weaned at 42 or 63 days of age

Cerdótes, Liliane; Restle, João; Alves Filho, Dari Celestino; Pacheco, Paulo Santana; Missio, Régis Luis; Garagorry, Fábio Cervo
2004-06-01

Resumo em português O objetivo deste trabalho foi avaliar o desempenho de bezerros de corte, do nascimento aos 12 meses de idade, filhos de vacas Charolês (C), Nelore (N), mestiças CN e NC, mantidas em pastagem nativa, suplementadas com farelo de arroz integral e que desmamaram aos 42 ou 63 dias pós-parto, ou não suplementadas e que desmamaram aos 63 dias. A idade das vacas variou de 3 a 12 anos, sendo agrupadas em quatro classes, primíparas, jovens, adultas e velhas. Bezerros desmamado (mais) s aos 63 dias de idade, cujas vacas foram suplementadas, apresentaram maior ganho de peso médio diário (GMD) durante o aleitamento (561 contra 457 g), foram mais pesados ao desmame (67 contra 59,9 kg) e aos 84 dias (76 contra 69,2 kg) em relação aqueles cujas vacas não foram suplementadas, não diferindo destes nos pesos aos 5, 7 e 12 meses. Bezerros desmamados aos 42 dias apresentaram menor GMD nos primeiros 21 dias após o desmame (360 contra 482 g) e foram menos pesados aos 12 meses (174,4 contra 189,4 kg) em relação aos desmamados aos 63 dias. Bezerros mestiços filhos de vacas CN e NC foram mais pesados ao desmame que os puros, não diferindo dos C aos 12 meses. Bezerros N apresentaram peso similar aos C no desmame, mas foram mais leves e apresentaram condição corporal inferior do que os últimos aos 5, 7 e 12 meses. O peso e a condição corporal dos bezerros filhos de vacas primíparas foi inferior aos demais, no entanto, não diferiram destes aos 9 e 12 meses. Não se justifica a suplementação das vacas quando se considera o peso dos bezerros após os 5 meses. O desmame aos 42 dias de idade não é recomendado, pois resulta em menor peso aos 12 meses. Resumo em inglês The objective of this work was to evaluate the performance of beef calves, from birth to weaning, produced by Charolais (C), Nellore (N), CN and NC crossbred cows, kept on native pasture, supplemented with rice bran and weaned at 42 or 63 days postpartum, or non supplemented and weaned at 63 days. Cow age ranged from 3 to 12 years, being classified as: first calf, young, adult and old cows. Calves weaned at 63 days of age, whose cows were supplemented showed higher averag (mais) e daily weight gain (ADG) during lactation (561 vs. 457 g), were heavier at weaning (67 vs. 59.9 kg) and at 84 days (76 vs. 69,2 kg) in relation to those whose cows were not supplemented, and did not differ in weight from the last ones at 5, 7 and 12 months. Calves weaned at 42 days showed lower ADG during the first 21 days after weaning (360 vs. 482g) and were lighter at 12 months (174.4 vs. 189.4 kg) in relation to those weaned at 63 days. Crossbred calves produced by CN and NC crossbred cows were heavier at weaning then the straightbreds, not differing from the C calves at 12 months. Nellore calves were similar in weight to the C calves at weaning, but were lighter and displayed lower body condition score than the C at 5, 7 and 12 months. Calves produced by first calving cows were lighter and displayed lower body condition score than the other calves, however, not differing from the last ones at 9 and 12 months. Supplementation of cows is not justified when calf weight after 5 months is considered. Weaning calves at 42 days is not recommended because it results in lower weight at 12 months.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

25

Utilização de óleo de soja em rações para vacas leiteiras no período de transição: consumo, produção e composição do leite/ Use of soybean oil for dairy cows during transition period: Intake, milk yield and composition

Santos, Anselmo Domingos Ferreira; Torres, Ciro Alexandre Alves; Rennó, Francisco Palma; Drumond, Mariana Resende Soares; Freitas Júnior, José Esler de
2009-07-01

Resumo em português O objetivo neste estudo foi avaliar o desempenho produtivo de vacas leiteiras sob suplementação com óleo de soja durante o período de transição. Foram utilizadas 20 vacas da raça Holandesa, multíparas e gestantes, distribuídas aleatoriamente em duas rações: controle, com 2,5% de extrato etéreo (EE) na matéria seca (MS); e gordura, com adição de 3,0% de óleo de soja e 5,5% de EE na MS. Os valores médios de consumo de MS e nutrientes não diferiram no perí (mais) odo pré e pós-parto nas vacas das dietas controle e com óleo de soja, exceto no maior consumo de EE, em decorrência da maior concentração desse nutriente na dieta com óleo. Em virtude da maior densidade energética da ração com óleo de soja, as vacas apresentaram maior consumo de nutrientes digestíveis totais e energia líquida no pós-parto. Não foi observada alteração nas produções de leite e gordura, no entanto, observou-se redução do teor de gordura do leite nas vacas da ração com óleo de soja em relação àquelas da ração controle. As rações utilizadas não influenciaram o consumo, mas a dieta com óleo de soja aumentou a ingestão de energia líquida e melhorou o balanço de nutrientes no início da lactação. Foi observado aumento não-significativo (+ 2,53 kg/dia) na produção de leite das vacas da dieta com óleo de soja. Resumo em inglês The objective of this study was to evaluate the productivity of dairy cows supplemented with soybean oil during the transition period. Twenty multiparous and pregnant Holstein cows were randomly allocated to two diets: control (C), 2.5% ether extract (EE) in the dry matter (DM); and fat (G), with the addition of 3% soybean oil, and 5.5% EE in the dry matter. The average values for intake were not different in the pre- and post-partum for cows on the control and fat diets (mais) except for an increase in EE intake due to great concentration of this nutrient in the soybean oil diet. Due to the higher energy density of the fat diet, cows had higher intake of total digestible nutrients and net lactation energy during the post-partum. There was no alteration in milk and fat yield, but a reduction in the milk fat content was observed for cows fed fat diet compared with the control diet. The diets used had no influence on the intake, and the fat diet resulted in an increased net energy intake and improvement in the nutrient balance during the initial phase of lactation. A non-significant increase in milk yield (+ 2.53 kg/d) was observed when using the fat diet.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

26

Respostas fisiológicas e produtivas de vacas holandesas em lactação submetidas a diferentes ambientes/ Physiologic and performance responses of holstein cows in milking under different environments

Martello, Luciane Silva; Savastano Júnior, Holmer; Silva, Saulo da Luz e; Titto, Evaldo Antonio Lencioni
2004-02-01

Resumo em português Este trabalho foi realizado, no verão de 2002, com o objetivo de avaliar a influência de alguns recursos de climatização na produção de leite e na termorregulação dos animais. Foram utilizadas 10 primíparas e 17 multíparas em lactação, distribuídas em instalação controle (ICO), instalação com nebulizador associado a ventiladores (ICL) e instalação com tela de sombreamento (IT). A produção de leite e o consumo individual foram medidos diariamente para (mais) cada animal. A temperatura retal foi medida três vezes ao dia, em três animais de cada instalação; a temperatura de superfície da pele, três vezes ao dia em todos os animais; e a freqüência respiratória, duas vezes ao dia em todos os animais. Os dados climáticos de cada instalação foram registrados e posteriormente calculados os índices de temperatura e umidade (ITU) e de globo negro e umidade (ITGU). Foram selecionados e analisados 26 dias com entalpia elevada. O ITU entre 75 e 76, apesar de considerado estressante por diversas fontes da literatura, não foi associado à condição de estresse pelos animais. As multíparas da instalação climatizada apresentaram freqüência respiratória e temperatura de pele significativamente menor em relação às multíparas das demais instalações. As primíparas apresentaram freqüências respiratórias e temperaturas retais mais altas que as multíparas, nos horários mais quentes do dia. A maior produção de leite das multíparas foi observada no tratamento com tela. Resumo em inglês This work was carried out during the summer of 2002 to evaluate the influence of some cooling systems on the milk yield and animal thermoregulation. Ten heifers and seventeen milking cows were assigned to the control housing (ICO), mist & fan housing (ICL) and shade cloth (80%) (IT). The milk yield and the individual intake were daily measured for each animal. The rectal temperature was measured three times a day with three animals from each treatment. The skin surface te (mais) mperature was collected three times a day for all the animals and the respiratory frequency two times a day for all the animals. The climatic data of each housing were registered to calculate the temperature humidity index (ITU) and the black globe humidity index (ITGU). Twenty six days of high enthalpy were selected and analyzed. The study showed that temperature humidity index from 75 to 76 was not associated with stress conditions for the animals, although many researches propose this situation as stressing. The milking cows in the mist & fan treatment showed respiratory frequency and skin surface temperature significantly lower than the cows in the other treatments. The heifers presented respiratory frequency and rectal temperature higher than the cows in all the registration times. The higher milk yield of the cows was observed in the shade cloth treatment.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

27

Dinâmica folicular e momento da ovulação em vacas não lactantes das raças Gir e Nelore durante duas estações do ano/ Follicular dynamic and ovulation time of non-lactating Gir and Nelore cows during two seasons of the year

Borges, A.M.; Torres, C.A.A.; Rocha Júnior, V.R.; Ruas, J.R.M.; Gioso, M.M.; Fonseca, J.F.; Carvalho, G.R.; Maffili, V.V.
2004-06-01

Resumo em português Estudou-se o efeito da estação do ano na dinâmica folicular e no momento de ovulação utilizando-se 25 vacas não lactantes da raça Gir (10 no inverno e 15 no verão) e 15 vacas não lactantes da raça Nelore (sete no inverno e oito no verão), todas com ciclo estral normal. Após a detecção do estro, as vacas foram submetidas a exames ultra-sonográficos a cada seis horas com a finalidade de monitorar o momento de ovulação e, posteriormente, uma vez ao dia duran (mais) te todo o ciclo estral, sendo monitorado um ciclo estral por animal e por estação do ano. As características foliculares não foram afetadas pela estação do ano e não diferiram entre as raças. Houve maior percentagem de ciclos com três (68,0 e 66,7%) e duas ondas foliculares (24,0 e 26,7%) nas raças Gir e Nelore, respectivamente. Os intervalos entre estros e entre ovulações foram menores para ciclos com duas ondas foliculares. A manifestação do estro ocorreu mais nas primeiras horas da manhã (57,3%) e no final da tarde e início da noite (28,0%). O momento de ovulação ocorreu 23,1±5,6 horas após a detecção do estro nas duas raças. Resumo em inglês Season effect on follicular dynamic and ovulation time were studied on 25 non-lactating Gir cows (10 cows in the winter and 15 in the summer) and 15 non-lactating Nelore cows (7cows in the winter and 8 in the summer) exhibiting normal estrus cycles. After estrus detection cows were submitted to ultrasound examination every six hours to determine the time of ovulation, and after that, the examinations were performed once-a-day throughout the estrus cycle for each season. N (mais) o effect of breed and season on follicular characteristics was observed. The follicular dynamic was characterized by the predominance of three (68.0 and 66.7%) and two (24.0 and 26.7%) follicular waves for Gir and Nelore cows, respectively. The estrus-to-ovulation intervals were shorter for cycles with two follicular waves. Most estrus signs were detected in the morning (57.3%) and late afternoon (28.0%). On average, Gir and Nelore cows ovulated 23 hours after estrus onset.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

28

Concentrações séricas hormonais em vacas azebuadas submetidas à baixa e alta ingestão alimentar/ Serum hormone concentrations of zebu cows under low and high feed intake

Martins, Aline Carvalho; Mollo, Marcos Rollemberg; Bastos, Michele Ricieri; Guardieiro, Monique Mendes; Sartori, Roberto
2008-02-01

Resumo em português O objetivo deste trabalho foi avaliar a influência da ingestão alimentar nas concentrações séricas de hormônios reprodutivos e metabólicos em vacas azebuadas. Dezoito vacas foram divididas em dois grupos: 170% (alta ingestão = A) e 66% (baixa ingestão = B) da dieta de manutenção. Com 21 dias nas dietas experimentais, as vacas tiveram o estro sincronizado. Posteriormente, os ovários foram avaliados por ultra-sonografia transretal e sangue foi coletado diariamen (mais) te até o dia 7 do ciclo (ovulação = dia 1). Na análise estatística, utilizou-se o teste t. As vacas ganharam 1,1 kg por dia no grupo A e perderam 1,5 kg por dia de PV no grupo B. Apesar de não ter havido diferença entre os grupos no diâmetro máximo do folículo ovulatório, o grupo A apresentou pico pré-ovulatório de estradiol sérico menor. Não foi observada diferença entre os grupos quanto ao volume luteal e concentração sérica de progesterona no dia 7 do ciclo e de FSH, IGF-I e insulina séricos no período peri-ovulatório. As dietas experimentais não alteraram a função ovariana e as concentrações séricas de hormônios reprodutivos e metabólicos, com exceção do estradiol, sugerindo que, no grupo de alta ingestão, ocorreu maior metabolismo desse hormônio. Resumo em inglês The objective of this work was to evaluate the influence of feed intake on serum concentrations of reproductive and metabolic hormones in zebu cows. Eighteen cows were divided into two groups: 170% (high feed intake = H) and 66% (low feed intake = L) of the maintenance diet. Within 21 days on the experimental diets, cows had estrus synchronized. Subsequently, ovaries were scanned by trans-rectal ultrasonography and blood samples were collected daily until day 7 of the cyc (mais) le (ovulation = day 1). For statistical analysis, t test was utilized. Cows from group H gained 1.1 kg per day and from group L lost 1.5 kg per day of body weight. Although there was no difference between groups regarding maximum diameter of the ovulatory follicle, a lower preovulatory estradiol surge was observed in group H cows. There was no difference between groups for luteal tissue volume and serum progesterone concentration on day 7 and serum FSH, IGF-I and insulin concentrations during the periovulatory period. Experimental diets did not alter ovarian function and serum concentrations of reproductive and metabolic hormones, except for estradiol, suggesting that greater metabolism of this hormone has occurred on the cows under high feed intake.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

29

Indução do estro no pós-parto em vacas primíparas Holandês-Zebu/ Induction of estrus in the postpartum of Holstein-Zebu heifers through norgestomet

Ruas, J.R.M.; Brandão, F.Z.; Silva Filho, J.M.; Borges, A.M.; Palhares, M.S.; Carvalho, B.C.; Borges, L.E.
2005-08-01

Resumo em português Avaliou-se o efeito do peso corporal no início do tratamento com progestágeno sobre as características reprodutivas de vacas mestiças Holandês-Zebu no pós-parto. Foram utilizadas 64 vacas, divididas em quatro grupos: GI - vacas com peso corporal entre 390-458kg e submetidas a tratamento hormonal com norgestomet, GII - vacas com peso corporal entre 464-562kg e submetidas a tratamento hormonal com norgestomet, GIII - vacas com peso corporal entre 374-451kg (controle) (mais) e GIV - vacas com peso corporal entre 452-545kg (controle). Os animais do grupo II manifestaram o primeiro estro no pós-parto mais cedo que os demais (64,4 dias - GII vs. 109,4-GI; 143,2-GIII e 105,1-GIV dias), e apresentaram menor período de serviço (94,6 dias vs. 125,5; 160,9 e 131,0 dias, na mesma ordem de citação anterior). Quanto às taxas de manifestação de estro e de gestação final, não se verificaram diferenças (P>0,05) entre os tratamentos. Os animais do GII apresentaram o menor período de serviço e os do GIII, o maior (94,6 vs. 160,9). Não houve influência do tratamento hormonal nem do peso corporal sobre a produção de leite e duração da lactação. O uso do implante de progestágeno nos animais que apresentaram maiores peso e condição corporal no início do tratamento respondeu por menor intervalo entre o parto e o primeiro estro. O uso do progestágeno em animais mais leves esteve associado ao retorno mais rápido à atividade ovariana cíclica no pós-parto. Resumo em inglês The experiment was carried out to evaluate the effect of two ranges of body weight and norgestomet treatment on the reproductive parameters of postpartum crossbred Holstein-zebu cows. Sixty four primiparous cows were randomly allocated to four treatments 40 days after calving: group I - cows with body weight ranging from 390 to 458kg and norgestomet treated; group II - cows with body weight ranging from 464 to 562kg and norgestomet treated; group III - cows with body weig (mais) ht ranging from 390 to 458kg (control); and group IV - cows with body weight ranging from 464 to 562kg (control). Progestagen auricular implants were mantained during 10 days and the cows were mated to bulls submitted to breeding soundness evaluation. Animals from treatment II showed estrus earlier than animals of the others treatments (II: 64.4; I: 109.4; III: 143.2 and IV: 105.1 days; P0.05). The hormonal treatment and the body weight did not affect the total and daily milk yield, and length of lactation (P>0.05). Progestagen treated, heavier and better body condition scored animals had shorter open days, and returned to postpartum ovarian ciclicity faster than lighter animals.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

30

Consumo, digestibilidade aparente e desempenho de vacas leiteiras alimentadas com concentrado processado de diferentes formas/ Intake, apparent digestibility, and production of dairy cows fed concentrate processed in different forms

Wernersbach Filho, Humberto Luiz; Campos, José Maurício de Souza; Assis, Anderson Jorge de; Valadares Filho, Sebastião de Campos; Queiroz, Augusto César de; Valadares, Rilene Ferreira Diniz; Lana, Rogério de Paula
2006-06-01

Resumo em português O objetivo neste estudo foi avaliar o consumo, a digestibilidade aparente, a degradabilidade ruminal da MS e da PB, a produção e a composição do leite de vacas leiteiras alimentadas com concentrado processado de diferentes formas. Foram utilizadas 16 vacas da raça Holandesa, puras e mestiças, em dois níveis de produção de leite (30 e 20 kg de leite/dia), distribuídas em quatro quadrados latinos (dois para cada nível de produção). O experimento foi constituíd (mais) o por quatro períodos de 15 dias. As dietas experimentais, isoprotéicas, foram formuladas à base de silagem de milho e apresentavam as relações volumoso:concentrado 50:50 e 60:40 (na MS), respectivamente, para proporcionar produções de 30 e 20,0 kg de leite/dia. A digestibilidade da MS não foi afetada pelo processamento, enquanto a da PB para vacas alimentadas com concentrado extrusado (72,36%) foi menor que a do concentrado farelado, no nível de 50% de concentrado. A digestibilidade da fibra em detergente neutro nas vacas alimentadas com concentrado extrusado (44,35%) foi menor no nível de 50% de concentrado. A produção de leite foi maior nos animais que consumiram concentrado extrusado (29,9 kg/dia) no nível de 50%. Contudo, não houve diferença significativa no menor nível de concentrado na dieta. A composição do leite não diferiu entre os tratamentos em ambos os níveis de produção. Resumo em inglês The objective of this trial was to study the effects of different forms of concentrate processing on intake, apparent total tract digestibility of nutrients, ruminal degradability of DM and CP, and milk yield and composition. Sixteen dairy cows, pure Holstein and crossbred, were blocked by production level (30.0 and 20.0 kg/day) and randomly assigned to two Latin squares with four periods of 15 days each. Diets were isonitrogenous and contained the following forage (corn (mais) silage):concentrate ratios: 50:50 and 60:40 (% of DM) for cows yielding 30.0 and 20.0 kg of milk/day, respectively. Apparent total tract digestibility of DM was not affected by the different forms of concentrate processing while apparent CP digestibility for cows fed extruded concentrate (72.36%) was lower than that for cows fed grounded concentrate at a forage:concentrate ratio of 50:50. Apparent total tract digestibility of neutral detergent fiber (44,35%) was lower (P

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

31

Efeito da carga animal na produção de leite de vacas de corte primíparas e no desenvolvimento de seus bezerros/ Effect of stocking rates on milk production of primiparous beef cows and on growth of their calves

Fagundes, José Inácio Braccini; Lobato, José Fernando Piva; Schenkel, Flávio Schramm
2004-04-01

Resumo em português O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito de duas cargas animais (CA280= 280 e CA360= 360 kg PV/ha) em campo nativo e de duas composições raciais (½ Nelore ½ Hereford e ¼ Nelore ¾ Hereford) na produção de leite de vacas primíparas e no desenvolvimento de seus bezerros. A carga animal não afetou significativamente a produção de leite das vacas (CA280 = 6,16 e CA360 = 5,88 kg leite/vaca/dia). A composição racial das vacas influenciou significativamente a (mais) produção de leite, tendo as vacas ½ Nelore ½ Hereford maior produção diária que as ¼ Nelore ¾ Hereford (6,21 vs 5,84 kg leite/vaca/dia, respectivamente). A carga animal não influenciou significativamente o peso e o ganho médio diário (GMD) dos bezerros até a desmama. Bezerros filhos de vacas ½ Nelore ½ Hereford tiveram GMD do nascimento à desmama e pesos à desmama significativamente maiores que filhos de vacas ¼ Nelore ¾ Hereford (0,799 vs 0,727 kg/dia e 211,51 vs 193.12 kg, respectivamente). O sexo dos bezerros não influenciou significativamente a produção de leite das vacas e o GMD e o peso à desmama dos bezerros. Portanto, o desempenho dos bezerros não diferiu significativamente entre as cargas animais e foi melhor para bezerros filhos de vacas ½ Nelore ½ Hereford do que de vacas ¼ Nelore ¾ Hereford. Resumo em inglês The aim of the experiment was to evaluate the effect of two stocking rates (CA280= 280 kg and CA360= 360 kg of live weight/ha) on natural pasture and of two breed compositions (½ Nelore ½ Hereford and ¼ Nelore ¾ Hereford) on milk production of primiparous beef cows and on growth of their calves. The stocking rate did not affect milk production (CA280 = 6.16 and CA360 = 5.88 kg/cow/day). Breed composition of cows significantly affected milk production, with ½ Nelore � (mais) � Hereford cows showing higher daily yield production than ¼ Nelore ¾ Hereford cows (6.21 vs. 5.84 kg, respectively). The stocking rate did not affect daily live weight gain (ADG) and live weight of the calves at weaning. Calves born from ½ Nelore ½ Hereford cows had significantly higher ADG and live weight at weaning than calves born from ¼ Nelore ¾ Hereford (0.799 vs. 0.727 kg/day and 211.51 vs. 193.12 kg, respectively). Calves sex did not affect cow milk production and ADG and live weight of calves at weaning. Therefore, the calves performance did not significantly differ between stocking rates and was better for calves born from ½ Nelore ½ Hereford cows than from ¼ Nelore ¾ Hereford cows.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

32

Produção de leite, leite residual e concentração hormonal de vacas Gir × Holandesa e Holandesa em ordenha mecanizada exclusiva/ Milk yield, residual milk, oxytocin concentration and cortisol release in Holstein and Gir × Holstein cows machine milked without stimulus from a calf

Porcionato, M.A.F.; Negrão, J.A.; Lima, M.L.P.
2005-12-01

Resumo em português Avaliaram-se as concentrações de ocitocina e de cortisol e as produções de leite e de leite residual de três grupos genéticos de vacas: ½Gir×½Holandês (n=6, grupo genético F2), ¼Gir×¾Holandês (n=6, grupo genético F3) e Holandês (n=6, grupo genético H), ordenhadas mecanicamente e na ausência do bezerro. O grupo genético H produziu mais leite do que os grupos F2 e F3, e a concentração de ocitocina foi semelhante nos tr (mais) ês grupos. O aumento de ocitocina durante a ordenha foi maior para os grupos H e F3 em relação ao grupo F2. O leite residual do grupo F2 foi maior do que o dos grupos genéticos F3 e H. O cortisol do grupo F2 foi maior do que o das vacas dos demais grupos genéticos. Vacas dos grupos F2 e F3 foram mais estressadas durante a ordenha do que vacas do grupo H, mas as dos dois grupos genéticos cruzados liberavam suficiente quantidade de ocitocina que permitiu a ejeção efetiva de leite. Resumo em inglês In a machine milking system in which calves were not present, oxytocin concentration (OT), cortisol release (CORT), milk yield and residual milk were evaluated for cows of three genetic groups: ½Gir×½Holstein (n=6, genetic group F2), ¼Gir×¾Holstein (n=6, genetic group F3) and Holstein (n=6, genetic group H). Group H had higher milk yield than groups F2 and F3, whereas OT was similar among groups. The increase in OT during milking wa (mais) s greater for H and F3 than for F2. Residual milk for F2 was higher than for F3 and H. The CORT for F2 was higher than for cows of the other two genetic groups. Cows from F2 and F3 were more stressed than H cows during machine milking, but the Gir × Holstein groups did release sufficient OT to induce an effective milk letdown response.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

33

Consumo, produção de leite e estresse térmico em vacas da raça Pardo-Suíça alimentadas com castanha de caju/ Dry mater intake, milk yield, and heat stress indicators of dairy cows fed diets with cashew nut

Pimentel, P.G.; Moura, A.A.A.N.; Neiva, J.N.M.; Araújo, A.A.; Tair, R.F.L.
2007-12-01

Resumo em português Avaliaram-se o consumo de matéria seca, a produção de leite e os indicadores de estresse térmico de vacas Pardo-Suíça alimentadas com castanha de caju no semi-árido do Nordeste do Brasil. Doze animais foram distribuídos em um ensaio de reversão, com quatro tratamentos: 0, 8, 16 e 24% de castanha no concentrado. As vacas receberam cana-de-açúcar à vontade e sete quilos de concentrado por dia. Maior consumo de matéria seca de cana-de-açúcar foi observado no t (mais) ratamento com concentrado sem castanha (7,70kgMS/dia) em relação aos tratamentos com 16% e 24% de castanha (7,35 e 7,05kgMS/dia, respectivamente). O consumo no tratamento com concentrado sem castanha não diferiu do consumo no tratamento com 8% (7,59kgMS/dia). Não houve efeito dos tratamentos sobre a produção de leite e sobre as variáveis indicativas de estresse térmico (P>0,05). Resumo em inglês A study was carried out to evaluate dry matter intake, milk yield, and heat stress parameters in Brown Swiss cows fed diets with cashew nut. Animals were raised in the semi-arid region of the Brazilian Northeast. Twelve cows were subjected to a switch back experimental design, with four treatments: 0, 8, 16, and 24% of cashew nut in the concentrate. Each cow received 7kg of concentrate per day and had free access to sugar cane. Dry matter (DM) intake and milk yield were d (mais) aily taken as well as measurements of rectal and milk temperature; and cardiac and respiratory rates. The highest intake of forage (sugar cane) was obtained when the concentrate had no cashew nut (7.7kgDM/day). This value was not different when the concentrate contained 8% of cashew nut (7.59kgDM/day) but greater than dry matter intake of cows receiving diets with 16% of cashew nut (7.35kgDM/day; P0.05). Such low variability in daily milk yield could be associated with the higher energy density of diets containing more cashew nut. Finally, indicators of heat stress were not influenced by changes in the diets, given the air temperatures and environment where all cows were raised.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

34

Efeito de diferentes fontes de gordura na dieta de vacas Jersey sobre o consumo, a produção e a composição do leite/ Effects of different dietary fat sources on intake and milk yield and composition of Jersey cows

Duarte, Luciana Marta D'Almeida; Stumpf Júnior, Waldyr; Fischer, Vívian; Salla, Luciane Elisete
2005-12-01

Resumo em português Com o objetivo de investigar o efeito de diferentes fontes de gordura na dieta de vacas Jersey sobre os consumos de matéria seca (CMS), fibra em detergente neutro (CFDN) e extrato etéreo (CEE), sobre a composição e a produção de leite (PL), foram utilizadas oito vacas Jersey, distribuídas em dois quadrados Latinos (4 x 4). Os tratamentos utilizados foram: C = concentrado sem gordura; SB = concentrado com sebo bovino; GP = concentrado com gordura protegida comercial (mais) (sais de cálcio + óleo de palma); e GS = concentrado com grão de soja. Não houve diferença para os CMS e CFDN. O CEE foi mais elevado nos tratamentos que incluíram gordura nas dietas. Os tratamentos GP e SB proporcionaram produção leiteira (PL) e produção leiteira corrigida a 4% de gordura (PLCG4%) semelhantes entre si (25,6 e 23,6 kg/vaca/dia) e GP foi superior aos tratamentos C e GS, que resultaram em PLCG4% de 23,4 e 22,9 kg/vaca/dia, respectivamente. A eficiência da produção de leite (PLCG4%:CMS) diferiu entre tratamentos. O tratamento GP apresentou a melhor eficiência de produção (1,50), apesar de semelhante ao tratamento C (1,38). Os teores de gordura (G), proteína total (P), caseína (C), sólidos totais (ST), sólidos totais desengordurados (STD), densidade (D) e índice crioscópico (IC) não diferiram entre os tratamentos. Os resultados indicam a viabilidade do uso de gordura nas dietas para vacas leiteiras de alta produção, observando-se aumento na produção e melhoria da eficiência de produção, sem alterações no consumo de alimentos e na composição do leite produzido. Resumo em inglês Eight high-yielding Jersey cows were randomly assigned to two 4x4 Latin squares to study the effects of different dietary fat sources on intakes of dry matter (DMI), neutral detergent fiber (NDFI), and ether extract (EEI) as well as on milk yield and composition. The following treatments were used: concentrate with no added fat (control = C); concentrate plus tallow (T); concentrate plus commercial ruminally protected fat (calcium salts + palm oil; PF); and concentrate pl (mais) us whole soybean (WS). Both DMI and NDFI did not differ significantly among treatments. However, EEI was higher for cows fed diets containing the added fat sources than for those fed the C diet. Both milk yield and milk yield corrected for 4% fat (FCM) were highest on PF, intermediate on T, and lowest on C and WS diets. Cows fed PF had greater feed efficiency expressed as FCM/DMI (1.50), compared with those fed T or WS diets but it was similar to C (1.38). Contents of milk fat, crude protein, casein, total solids, solids-nonfat, density, and the cryoscopic index all were not affected by dietary treatments. It can be concluded that addition of fat sources to diets of lactating Jersey cows is recommended because improved milk yield and feed efficiency with no deleterious effects on DMI and milk composition.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

35

Grupo genético e heterose na produção de leite de vacas de corte submetidas a diferentes sistemas de alimentação/ Genetic group and heterosis on milk yield of beef cows submitted to different feeding systems

Restle, João; Senna, Dilceu Borges de; Pacheco, Paulo Santana; Padua, João Teodoro; Vaz, Ricardo Zambarda; Metz, Patrícia Alessandra Meneguzzi
2005-08-01

Resumo em português O experimento foi conduzido para se avaliar a produção de leite de vacas de dois sistemas de acasalamento, puras Charolês (CH) e Nelore (NE) e mestiças F1 ½CH ½NE e ½NE ½CH, submetidas a diferentes sistemas de alimentação, e medir a heterose resultante. A produção de leite foi determinada aos 14, 42, 70 e 90 dias, sendo esta última coincidente com o desmame. Foram utilizadas 86 vacas, submetidas a um dos seguintes sistemas de alimenta� (mais) �ão: PN: vacas mantidas exclusivamente em pastagem nativa; PC + PN: vacas mantidas em pastagem cultivada (PC) de 15 de julho a 15 de setembro e o restante do tempo em PN; e PN + PC: vacas mantidas em PC de 15 de setembro a 15 de novembro e o restante do tempo em PN. A PC foi composta por aveia (Avena sativa), azevém (Lollium multiflorum) e trevo vesiculoso (Trifolium vesiculosum). Não houve diferença significativa entre os sistemas de alimentação PC + PN e PN + PC, agrupando-se os dois em um único sistema (PNC). Vacas mantidas em PN apresentaram menor produção média diária (3,93 vs. 5,46 L) e total de leite (291,4 vs. 401,7 L) e maior redução da produção (39 vs. 27%) que as mantidas em PNC. Não houve efeito do grupo genético da vaca dentro do sistema de acasalamento sobre as produções média e total de leite. Vacas mestiças F1 apresentaram maior produção de leite durante toda a lactação, de modo que a heterose para produção média diária de leite foi mais expressiva nas vacas mantidas em condições mais baixas de alimentação, exclusivamente em PN (92,4%), que nas vacas que tiveram acesso à pastagem cultivada PNC (18,1%). A persistência da lactação foi maior nas vacas filhas de touros NE que nas filhas de touros CH, assim como nas vacas puras em relação às mestiças F1. Resumo em inglês The objective of this trial was to evaluate the milk yield of cows of two breeding systems, straightbreds Charolais (CH) and Nellore (NE) and, crossbreds F1 ½CH ½NE and ½NE ½CH, submitted to different feeding systems, as well as measure the resultant heterosis. The milk yield was determined at 14, 42, 70 and 90 days, being this last one coincident with weaning. Eighty-six cows were used, and submitted to one of the following feeding systems: NP (mais) : cows maintained exclusively on native pasture (NP); CP + NP: cows maintained on cultivated pasture (CP) from July 15th until September 15th and the rest of the time on NP; and NP + CP: cows maintained on CP from September 15th until November 15th, and the rest of the time on NP. CP was composed by oat (Avena sativa), ryegrass (Lollium multiflorum) and clover (Trifolium vesiculosum). Since no significant difference was verified between CP + NP and NP + CP feeding systems, they were combined in one feeding system (NCP). Cows maintained on NP showed lower average daily (3.93 vs. 5.46 L) and total milk yield (291.4 vs. 401.7 L), in relation to cows maintained on NCP, as well as displayed higher reduction of the milk yield (39 vs. 27%, respectively). Average daily and total milk yield were not affected by cow genetic group within breeding system. F1 cows showed higher milk yield during the whole lactation period, being the heterosis for average daily milk yield more expressive for cows maintained on lower feeding conditions, exclusively on NP (92.4%) in relation to cows with access to NCP (18.1%). The lactation persistency was higher for cows sired by NE bulls than for cows sired by CH bulls, and for straightbreds in relation to F1 cows.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

36

Fatores determinantes do desempenho reprodutivo de vacas Nelore na região dos Cerrados do Brasil Central/ Factors affecting the reproductive performance of Nellore cows on the Cerrado conditions of Central Brazil

Vieira, Antonio; Lobato, José Fernando Piva; Torres Junior, Roberto Augusto de Almeida; Cezar, Ivo Martins; Correa, Eduardo Simões
2005-12-01

Resumo em português Avaliou-se, durante quatro estações de monta (1/11 a 31/1 do ano seguinte), o efeito da ordem de parto (OP) e da condição corporal (CC), segundo escala de 1 (magra) a 5 (gorda), sobre o desempenho reprodutivo de 468 fêmeas Nelore, sendo 391 vacas multíparas e 77 primíparas, em pastagem de Brachiaria decumbens Stapf, na região dos Cerrados, no Brasil Central. A OP teve efeito quadrático na taxa de prenhez (TP). Vacas OP1 apresentaram TP de 69%, OP5 a OP8 de 90%, c (mais) om declínio gradual até 80% de prenhez na OP12. A CC à desmama afetou a TP. Pela análise de regressão, vacas OP1 com CC 2,0 e 3,5 tiveram TP de 52,7 e 82,5%, respectivamente. Observou-se TP DE 96% em vacas com OP4 e OP8 e CC 3,5. A TP de vacas OP1 com parição tardia foi de 37,7%, mas, independentemente da OP, vacas que pariram no início da temporada tiveram TP superiores a 80%. Vacas OP1 pariram 350,12 dias após o início da monta, enquanto aquelas com OP superiores, necessitaram de 328,32 dias. Vacas OP1 apresentaram o mais longo intervalo de partos (IP), com 392,10 dias, ao passo que o IP das OP5 a OP9 foi de 365 dias. O IP foi afetado pelo ano, pela OP, pelo número de dias necessários para parir na estação de parição e pela variação de peso na estação de cobrição. O peso vivo e a CC das vacas à desmama foram afetados pela OP e pelo ano. O peso à desmama (PD) do bezerro aumentou da OP1 até a OP4/OP5, de modo que as vacas OP1 proporcionaram PD de 159 kg e a média dos PD das OP foi de 169 kg. Altos índices produtivos e reprodutivos são obtidos entre OP3 e OP8 com CC acima de 3,0 e 3,5 em vacas Nelore multíparas e prímaparas, respectivamente. Resumo em inglês The objective of this trial was to evaluate the effects of calving order (CO) and body condition score (BCS), scale 1(thin) to 5 (fat), on reproductive performance of 468 Nellore cows (391 multiparous and 77 primiparous) grazing Brachiaria decumbens Stapf at Brazilian Central West (Cerrados region) during four breeding seasons (from 11/1 to 1/31 of the following year). Calving order quadratically affected pregnancy rate (PR) in this trial; PR of CO1 cows was 69% while tha (mais) t of cows from CO5 to CO8 was 90% followed by a gradual decline until 80% PR in C012 cows. Body condition score at weaning also affected PR. For instance, CO1 cows with BCS of 2.0 and 3.5 had 52.7 and 82.5% of PR, respectively. Cows from CO4 to CO8 and BCS of 3.5 showed 96% of PR. CO1 cows that calved late in the season had 37.7% of PR but independent of CO, cows that calved earlier in the calving season had PR greater than 80%. CO1 cows calved 350.12 days after the start of the mating season while multiparous cows calved earlier (328.32 days). CO1 had the longest calving interval (CI) averaging 392.10 days whereas that from CO5 to CO9 cows averaged 365 days. Calving interval was affected by year, CO, number of days spent to calve in the calving season, and body weight change in the mating season. In addition, cows body weight (BWW) and BC at weaning (BCW) were both affected by CO and year. Body weight of calves at weaning increased from CO1 to CO4/CO5 averaging 159 kg for calves from CO1 cows and 169 kg when all CO levels were included. High production and reproductive performance are obtained from CO3 to CO8 and BCS above 3.0 and 3.5 for multiparous and primiparous Nellore cows, respectively.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

37

Proteção fetal contra o vírus da diarréia viral bovina (BVDV) em vacas prenhes previamente imunizadas com uma vacina experimental atenuada/ Fetal protection against bovine viral diarrhea virus (BVDV) in pregnant cows previously immunized with an experimental attenuated vaccine

Arenhart, Sandra; Silva, Letícia Frizzo da; Henzel, Andréia; Ferreira, Rogério; Weiblen, Rudi; Flores, Eduardo Furtado
2008-10-01

Resumo em português Esse artigo relata a avaliação da resposta sorológica e proteção fetal conferida por uma vacina experimental contendo duas amostras atenuadas do vírus da diarréia viral bovina tipos 1 (BVDV-1) e 2 (BVDV-2). Vacas foram imunizadas com a vacina experimental (n=19) e juntamente com controles não-vacinadas (n=18) foram colocadas em cobertura e desafiadas, entre os dias 60 e 90 de gestação, pela inoculação intranasal de quatro amostras heterólogas de BVDV-1 e BVDV (mais) -2. A resposta sorológica foi avaliada por testes de soro-neutralização realizados a diferentes intervalos após a vacinação (dias 34, 78 e 138 pós-vacinação [pv]). A proteção fetal foi monitorada por exames ultra-sonográficos e clínicos realizados durante o restante da gestação; e pela pesquisa de vírus e anticorpos no sangue pré-colostral coletado dos fetos abortados e/ou dos bezerros recém nascidos. No dia do desafio (dia 138 pv), todas as vacas vacinadas apresentavam anticorpos neutralizantes em títulos altos contra o BVDV-1 (1.280- >10.240) e, com exceção de uma vaca (título 20), todas apresentavam títulos médios a altos contra o BVDV-2 (80-1.280). O monitoramento da gestação revelou que, dentre as 18 vacas não-vacinadas, apenas três (16,6%) pariram bezerros saudáveis e livres de vírus. As 15 restantes (83,3%) apresentaram indicativos de infecção fetal e/ou falhas reprodutivas. Sete dessas vacas (38,8%) pariram bezerros positivos para o vírus, sendo que cinco eram saudáveis e sobreviveram (27,7%); e dois apresentavam sinais de prematuridade ou fraqueza e morreram três e 15 dias após o nascimento, respectivamente. As oito vacas controle restantes (44,4%) abortaram entre o dia 30 pós-desafio e às proximidades do parto, ou deram à luz bezerros prematuros, inviáveis ou natimortos. Por outro lado, 17 de 19 (89,4%) vacas vacinadas deram à luz bezerros saudáveis e livres de vírus. Uma vaca vacinada abortou 130 dias pós-desafio, mas o produto não pôde ser examinado para a presença de vírus. Outra vaca vacinada pariu um bezerro positivo para o vírus (5,2%). Em resumo, a vacina experimental induziu títulos adequados de anticorpos na maioria dos animais; e a resposta imunológica induzida pela vacinação foi capaz de conferir proteção fetal e prevenir as perdas reprodutivas frente ao desafio com um pool de amostras heterólogas de BVDV. Assim, essa vacina experimental pode representar uma boa alternativa para a redução das perdas reprodutivas associadas com a infecção pelo BVDV. Resumo em inglês This paper reports the antibody response and fetal protection in pregnant cows conferred by an experimental vaccine containing two attenuated strains of bovine viral diarrhea virus (BVDV-1 and BVDV-2). Cows (n=19) were vaccinated twice, with a 34 days-interval, with the experimental vaccine and together with non-vaccinated controls (n=18), were mated and challenged between days 60 and 90 of gestation by intranasal inoculation of four heterologous BVDV-1 and BVDV-2 isolate (mais) s. The antibody response was evaluated by serum-neutralization tests performed at different intervals after vaccination (days 34, 78 and 138 post-vaccination [pv]). Fetal protection was monitored by ultrassonographic and clinical examination of the dams and fetuses during the rest of gestation; and through virological and serological examination of pre-colostral blood obtained from aborted and/or recently born fetuses/calves. At the day of challenge (day 138 pv), all vaccinated cows had neutralizing antibodies in high titers against BVDV-1 (1,280->10,240), and with one exception (titer 20), presented moderate to high titers to BVDV-2 (80-1,280). At the end of the monitoring, only three out of 18 control cows (16.6%) delivered healthy, virus-free calves. Fifteen non-vaccinated cows (83.3%) presented signs of fetal infection and/or had reproductive losses. Seven of these cows (38.8%) delivered virus-positive calves; five were healthy and survived (27.7%); two were premature or weak and lasted three and 15 days, respectively. The other eight cows (44.4%) aborted between day 30 post-challenge and the parturition; or delivered premature or stillbirth calves. In contrast, 17 out of 19 (89.4%) vaccinated cows delivery virus-free, healthy calves. One vaccinated cow aborted around day 130 post-challenge, yet this fetus could not be examined for the presence of virus. Another cow delivered a virus-positive calf (5.2%). In summary, the experimental vaccine induced adequate antibody titers in most animals and the immunological response induced by vaccination was able to prevent fetal infection and reproductive losses upon challenge with a pool of heterologous BVDV isolates. Hence, this experimental vaccine may be an attractive alternative for the prevention of reproductive losses associated with BVDV infection.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

38

Indicadores de estresse térmico e utilização da somatotropina bovina (bST) em vacas leiteiras mestiças (Bos taurus x Bos indicus) no semi-árido do Nordeste/ Heat stress indexes and the use of bovine somatotropin (bST) in crossbred dairy cows (Bos indicus x Bos taurus) raised in a semi-arid region of the Brazilian Northeast

Oliveira Neto, Joaquim Batista de; Moura, Arlindo de Alencar Araripe; Neiva, José Neuman Miranda; Guilhermino, Magda Maria
2001-04-01

Resumo em português O objetivo do presente experimento foi avaliar a resposta ao bST de vacas mestiças (Bos taurus x Bos indicus) criadas no semi-árido do Ceará. Quinze vacas (segunda e terceira parições; 42 a 155 dias pós-parto) receberam cinco aplicações de bST a intervalos de 14 dias e outras 15 foram utilizadas como controle. A dieta dos animais consistiu de capim-elefante e concentrado. Durante a primeira aplicação de bST, a produção de leite dos animais tratados (12,6 kg/di (mais) a) não diferiu dos animais controle (11,3 Kg/dia) mas, na segunda e terceira aplicações, a diferença entre os grupos foi significativa (2,0 e 2,2 kg). Na quarta aplicação de bST, houve aumento na diferença entre os grupos (3,0 kg) e, na quinta aplicação, esta diferença foi de 3,4 kg (14,0 kg versus 10,6 kg/dia). A interação tratamento com bST e estágio de lactação não foi significativa. As temperaturas do leite e retal foram maiores (0,6 e 0,1°C, respectivamente) nos animais tratados com bST que nos animais controles, mas estas diferenças não foram significativas. Para o grupo de 30 animais, houve correlações entre produção e temperatura do leite (r = 0, 38 a 0,69). Com base no cálculo do índice de temperatura e umidade, os animais estiveram submetidos a estresse térmico ameno (manhã) ou moderado (à tarde). Portanto, animais mestiços criados no semi-árido do Nordeste aumentaram a produção de leite devido ao bST, sem, no entanto, apresentar indicativos de estresse térmico severo. Resumo em inglês A study was conducted to evaluate the effects of bST in crossbred dairy cows (Bos indicus x Bos taurus) raised in a semi-arid zone, in the Northeast of Brazil. Fifteen cows (second and third lactation; 42-155 days in milk) received five applications of bST, at 14-day intervals. Other 15 cows were used as controls. The animals were fed with diet consisted in elephant grass and concentrate. During the first application of bST, the milk production of the treated cows (12.6 k (mais) g/day) did not differ from the control animals (11.3 kg/day), but in the second and third applications, the difference between the groups was significant (2.0 and 2.3 kg). In the fourth application of bST, there was an increase in the difference between groups (3.0 kg) and in the fifth application, such difference was 3.4 kg (14.0 kg versus 10.6 kg/day). The bST treatment and stage of lactation interaction was not significant. Rectal and milk temperatures were higher (0.1 and 0.6 °C, respectively) in bST treated than in control animals, but differences were not significant. For the group of 30 cows, the daily milk yield was related to milk temperature (r = 0.38 to 0.69). Based on the temperature-humidity index, the cows were under light heat stress in the morning and moderate stress in the afternoon. Therefore, crossbred cows raised in the semi-arid area of Brazil showed responses to bST without apparent signs of severe heat stress.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

39

Silagem de milho e grão de sorgo como suplementos para vacas de descarte terminadas em pastagem cultivada de estação fria/ Corn silage and sorghum grain supplementation to cull cows finished on cultivated winter pasture

Menezes, L.F.G.; Segabinazzi, L.R.; Brondani, I.L.; Restle, J.; Arboitte, M.Z.; Kuss, F.; Pacheco, P.S.; Rosa, J.R.P.
2009-02-01

Resumo em português Avaliou-se o efeito da suplementação com silagem de milho ou grão de sorgo no desempenho e características da carcaça e da carne de vacas de descarte, submetidas ao pastejo restrito em pastagem de aveia (Avena strigosa) + azevém (Lolium multiflorum). Foram utilizadas 30 vacas mestiças Charolês-Nelore, com idade média de oito anos, distribuídas em igual número e ao acaso em três tratamentos: silagem de milho (TSI) ou grão de sorgo moído (TSO) como suplemento, (mais) e não suplementação (TPH). A suplementação com silagem de milho proporcionou aos animais maior escore corporal ao final do experimento (4,35 pontos contra 4,15 do TPH e 4,22 pontos para o TSO). Não houve efeito do volumoso ou concentrado suplementar sobre o peso corporal, ganho de peso diário e ganho em escore corporal. Não houve efeito de tratamento (P>0,05) sobre pesos e rendimentos quentes e frios da carcaça, espessura de gordura subcutânea, conformação, espessura de coxão, área de Longissimus dorsi e percentagem de cortes comerciais. A suplementação resultou em maior percentagem de gordura na carcaça e influenciou a cor e o marmoreio da carne. A silagem de milho e o grão de sorgo servem como alternativa para a suplementação de vacas de descarte em pastagem de aveia e azevém, uma vez que melhora as características da carcaça, embora sem efeito sobre o desempenho quando comparado à pastagem exclusiva. Resumo em inglês The effect of supplementation with corn silage or sorghum grain on the performance and characteristics of carcass and meat of cull cows, under temporary grazing on oats (Avena strigosa) + ryegrass (Lolium multiflorum) pasture was evaluated. Thirty crossbred Charolais-Nellore cull cows, with averaging eight-yearold,were randomly distributed in three treatments. The animals received corn silage (TSI) or sorghum grain (TSO) as supplement, while another lot did not receive su (mais) pplementation (TPH). Animals supplemented with corn silage showed higher final body condition score (4.35 points versus 4.15 for TPH and 4.22 for TSO). No effect of supplementation on body weight, average daily weight gain; and body condition score gain were verified. Differences were not observed concerning carcasses weight, hot and cold yield of carcasses, fat thickness, conformation, cushion thickness, Longissimus dorsi area, and commercial cuts percentages. Supplemented animals showed better color and higher marbling of meat. Corn silage and sorghum grain are alternative for the supplementation of cull cows in oats and ryegrass pasture, since they showed better carcass characteristics, although no effect on the performance in relation to exclusive pasture was detected.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

40

Estimativa de consumo de matéria seca e de fibra em detergente neutro por vacas leiteiras sob pastejo, suplementadas com diferentes quantidades de alimento concentrado/ Estimation of dry matter and neutral detergent fiber intake by grazing dairy cows supplemented with different amounts of concentrate

Sousa, B.M.; Saturnino, H.M.; Borges, A.L.C.C.; Lopes, F.C.F.; Silva, R.R.; Campos, M.M.; Pimenta, M.; Campos, W.E.
2008-08-01

Resumo em português Estimou-se o consumo de matéria seca e de fibra em detergente neutro por vacas leiteiras mestiças em pastejo de gramíneas do gênero Brachiaria. Foram utilizadas 24 vacas em lactação, distribuídas em três tratamentos com oito vacas cada, suplementadas com 4, 6 ou 8kg de matéria natural de alimento concentrado/vaca/dia, no momento da ordenha, duas vezes ao dia. O delineamento utilizado foi o de blocos ao acaso, sendo oito blocos com três vacas em cada um, cada vac (mais) a sendo alimentada com um dos três tratamentos. O consumo de fibra em detergente neutro da gramínea foi de 1,1, 1,0 e 1,2%/peso vivo naquelas vacas suplementadas com 4, 6 e 8kg/vaca/dia, respectivamente, sendo o tratamento com a maior quantidade de suplemento diferente dos demais (P Resumo em inglês The intakes of dry matter and neutral detergent fiber (NDF) by crossbred lactating cows were estimated under Brachiaria grazing. Twenty-four cows were allotted in three treatments in order to receive 4, 6, or 8kg of concentrate twice a day, during the milking. The experiment was designed in randomized blocks, being eight blocks with three cows in each. The intake of NDF was 1.1, 1.0, and 1.2 of live weight for cows fed 4, 6, and 8kg of concentrate per day, respectively. T (mais) he 8kg concentrate treatment produced different results (P

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

41

Características da dinâmica folicular e regressão luteal de vacas das raças Gir e Nelore após tratamento com cloprostenol sódico/ Follicular dynamic and luteal regression in Gir and Nelore cows after treatment with cloprostenol sodic

Borges, Álan Maia; Torres, Ciro Alexandre Alves; Ruas, José Reinaldo Mendes; Rocha Júnior, Vicente Ribeiro; Carvalho, Giovanni Ribeiro de; Fonseca, Jeferson Ferreira da; Marcatti Neto, Alberto; Assis, Anderson Jorge de
2003-02-01

Resumo em português A dinâmica folicular e a regressão luteal foram avaliadas em 12 vacas da raça Gir e em sete da raça Nelore tratadas com cloprostenol sódico entre os dias 10 e 12 do ciclo estral. A porcentagem de sincronização foi superior a 92% para as duas raças, e a ovulação do folículo dominante da segunda onda foi verificada em 72,7% da raça Gir e em todas as vacas Nelore. O diâmetro do folículo ovulatório na raça Nelore foi inferior (11,0 ± 0,9 mm) ao da raça (mais) Gir (13,0 ± 1,7 mm). O intervalo médio da aplicação do luteolítico ao estro, à ovulação e o momento de ovulação após o início do estro foram de 88,7 e 91,6h, 119 e 113h, 26,5 e 24,3h para as raças Nelore e Gir, respectivamente. Resumo em inglês The follicular dynamics and luteal regression were studied in 12 Gir and seven Nelore cows, treated with analog prostaglandin F2alpha, between day 10 and 12 of the estrous cycle. The synchronization rate was higher than 92% for the two breeds, and the ovulation of second dominant follicle occurred in 72.7% of Gir and all Nelore cows. Ovulatory follicle diameter for Nelore was lower (11.0 ± 0.9 mm) than Gir cows (13.0 ± 1.7 mm). The average intervals from tre (mais) atment to estrus, treatment to ovulation time and from the beginning of the estrus to ovulation were 88.7 and 91.6h, 119 and 113h, 26.5 and 24.3h for Nelore and Gir cows, respectively.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

42

Indução hormonal da ovulação e desmame precoce na fertilidade pós-parto de vacas de corte homozigotas e heterozigotas para o microssatélite BMS3004/ Hormonal induction of ovulation and early weaning in postpartum fertility of homozigous and heterozigous beef cows for the microsatellite BMS3004

Bastos, Guilherme de Medeiros; Gonçalves, Paulo Bayard Dias; Machado, Márcia Silveira Netto; Restle, João; Neves, Jairo Pereira; Oliveira, João Francisco Coelho de; Farias, Alexandre Morales; Siqueira, Lucas; Faturi, Cristian
2003-10-01

Resumo em português O objetivo deste experimento foi comparar a eficiência de um programa hormonal associado ao desmame temporário por 96 horas na indução do estro e ovulação com o desmame definitivo aos 60 dias em vacas de corte. Foram utilizadas 183 vacas de corte amamentando, das raças Charolês (C), Nelore (N) e suas cruzas recíprocas, as quais foram genotipadas como homozigotas (HOM) ou heterozigotas (HET) para o microssatélite (STR) BMS3004, que está localizado no mesmo cromo (mais) ssomo do gene da cadeia beta do LH. Entre 60 e 80 dias pós-parto (dia 0), as vacas foram distribuídas em dois grupos. No grupo indução hormonal (IH), as vacas (n=87) receberam (dia 0) 250 mg de acetato de medroxiprogesterona por 8 dias, 2,5 mg de benzoato de estradiol (dia 1) e 500 UI de gonadotrofina coriônica eqüina (dia 7). No dia 8, os bezerros foram desmamados por 96 horas. No mesmo dia (dia 8), as vacas (n=96) do outro grupo apenas foram submetidas ao desmame definitivo (grupo DP). Após, procedeu-se 4 dias de inseminação artificial (IA) e, passado esse período, foram entouradas. O primeiro diagnóstico de gestação (DG) foi realizado 60 dias após o período de IA e, o segundo, 60 dias após o final do entoure. As taxas de estro foram maiores nas vacas do grupo IH em relação as do grupo DP. As vacas com condição corporal 2,5 e 3,0 apresentaram menores percentuais de prenhez ao 1ºDG no grupo IH (29,6 e 46,4%) em relação ao grupo DP (56,0 e 72,2%). Os percentuais de prenhez das vacas com índice corporal 65-73 não diferiram entre os grupos IH e DP. As vacas N do grupo IH, apresentaram menor percentual de prenhez ao 1ºDG que as F1 (27,7 vs. 64,2%), mas não diferiram em relação às C (40,0%). No grupo IH, o percentual de prenhez ao 2ºDG foi menor nas vacas HOM do que nas HET. O desmame definitivo precoce mostrou-se mais eficaz no incremento dos percentuais de prenhez em vacas de corte. Resumo em inglês The aim of this experiment was to compare the efficiency of a hormonal protocol, associated to the temporary weaning for 96 hours, with the definitive weaning at 60 days in beef cows, for the induction of estrus and ovulation. One hundred and eighty-three suckled beef cows were used. The breeds of the cows were Charolais (C) and Nellore (N) and their crosses. The animals were genotyped as homozygous (HOM) and heterozigous (HET) for the microsatellite BMS3004, that is loca (mais) lized in the same chromossome of the LH beta chain gene. The cows were distributed in two groups between 60 and 80 days postpartum (day 0). In the hormonal induction group (HI), the cows (n=87) received (day 0) 250 mg of medroxiprogesteron acetate for 8 days, 2.5 mg of estradiol benzoate (day 1) and 500 UI of eCG (day 7). On day 8, the calves were weaned for 96 hours. In the same day (day 8), the cows (n=96) of the other group were just submitted to early weaning (group EW). Twelve hours after weaning, artificial insemination (AI) was done during four days. After this period, they were mated. The first diagnosis of pregnancy (DP) was performed 60 days after the AI period and, the second, 60 days after the end of mating. The estrus rates were higher in cows from HI group than in those of EW group. In the HI group, the cows with body condition 2.5 and 3.0 presented lower pregnancy rates at the 1st DP (29.6 and 46.4%) than in the EW group (56.0 and 72.2%). The rates of pregnancy in cows with body index 65-73 did not differ between the HI and EW groups. The N cows of HI group presented lower pregnancy rate at 1st DP than the F1 (27.7 vs. 64.2%), but was not different than the C cows (40.0%). In the HI group, the pregnancy rate at the 2nd DP was lower in HOM cows than in the HET ones. The cows in the early definitive weaning group showed to be more efficient than in the hormonal induction group to improve the pregnancy rate.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

43

Verificação e calibração do modelo de simulação do desempenho reprodutivo de vacas de corte baseado no escore de condição corporal avaliação interna/ Verification and calibration of a simulation model for reproductive performance of beef cows based on body condition score internal evaluation

Fontoura Júnior, José Acélio Silveira da; Siewerdt, Frank; Dionello, Nelson José Laurino; Corrêa, Marcio Nunes; Silva, Carlos André de Oliveira da
2010-12-01

Resumo em português O trabalho foi desenvolvido com os objetivos de demonstrar e fazer a avaliação interna do modelo matemático desenvolvido para descrever o processo reprodutivo em sistemas de produção e simular o desempenho reprodutivo de vacas de corte a partir do escore de condição corporal ao parto (ECCPAR). O modelo é baseado na relação entre o ECCPAR e o intervalo parto-concepção (IPC) para vacas com cria ao pé; para novilhas e vacas vazias à concepção, foi baseado na (mais) probabilidade de ocorrência. Para a avaliação interna do modelo, foi utilizada a metodologia de verificação e calibração. O uso da técnica de variação dos dados de entrada foi feito por meio da construção de cenários, variando ECCPAR, data de início da estação reprodutiva (IER), data média do parto (DPAR) e ganho médio diário do nascimento ao desmame (GMDND). Esses cenários serviram também para demonstração do modelo. Por meio da calibração, foram escolhidos novos desvios-padrão para as variáveis: período de gestação, GMDND e data média do parto (DPAR). Os testes de degenerescência e independência de sementes geradoras de números aleatórios, após a calibração, comprovaram coerência do modelo na geração de aleatoriedade para as variáveis de interesse. A variação nos dados de entrada indicou eficácia do modelo para simular a dinâmica do processo reprodutivo, no entanto ajustes na taxa de concepção de primíparas são necessários para que o modelo simule valores compatíveis com a realidade. Resumo em inglês This work was carried out with the goal of demonstrating and performing internal evaluation of the mathematical model developed to describe the reproductive performance in production systems and to simulate reproductive performance of beef cows from the body condition score at calving (BCSAC). This model is based on the relationship between BCSAC and the interval between calving and conception (ICC) for lactating cows; for heifers and empty cows at conception, it was base (mais) d on the probability of occurrence. For internal evaluation of the model, it was used the methodologies of verification and calibration. The use of technique of variation of input data was done based through the construction of scenarios by changing BCSAC, starting date of the reproductive season (SDRS), average date of calving (ADC), and average daily weight gain from birth to weaning (ADWGBW). These scenaries also served for demonstration of the model. Through calibration, it was chosen new standard deviations for the following variables: gestation period, ADWGBW and average birth date (ABD). Tests for degenerescence and independence of seeds generating random numbers, after calibration, showed coherence of the model in generating randomness for the variables being studied. Variation on the input data showed effectiveness of the model to simulate the dynamics of reproduction systems. Nevertheless, adjustments in conception rate of primiparous females are needed for the model to generate values that are compatible with reality.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

44

Avaliação biológica e econômica do uso de flunixin meglumine em vacas e novilhas de corte inseminadas em tempo fixo/ Biological and economic evaluation of flunixin meglumine in postpartum beef cows and heifers inseminated at fixed time

Pfeifer, Luiz Francisco Machado; Schneider, Augusto; Silva Neto, José Wilson da; Ziguer, Evâneo Alcides; Dionello, Nelson José Laurino; Corrêa, Marcio Nunes
2008-08-01

Resumo em português Objetivou-se verificar a redução de perdas embrionárias por meio do bloqueio da secreção de prostaglandina com a utilização de flunixin meglumine (FM) e avaliar o retorno econômico desta técnica. No experimento 1, utilizaram-se vacas de corte no pós-parto e, no experimento 2, somente novilhas. Todas as fêmeas foram sincronizadas e inseminadas em tempo fixo (IATF) e, após 14 dias da IATF, foram distribuídas em dois grupos: grupo flunixin meglumine (GFM), compo (mais) sto de 59 vacas no experimento 1 e 23 novilhas no experimento 2; e grupo controle (GC), de 56 vacas no experimento 2 e 20 novilhas no experimento 1, que receberam ou não flunixin no dia 14, respectivamente. O tratamento com flunixin não influenciou a taxa de prenhez, que, no experimento 1, foi de 42,4% no grupo flunixin e 42,8% no grupo controle e, no experimento 2, de 39,1% no grupo flunixin e 25,0% no grupo controle. Verificou-se rentabilidade de 21,62; 9,24; 14,36 e 12,06% para os protocolos dos grupos controle e flunixin dos experimentos 1 e 2, respectivamente. A taxa de prenhez não foi influenciada pelo uso de flunixin meglumine no dia 14 após inseminação artificial em vacas no pós-parto e novilhas inseminadas em tempo fixo. Resumo em inglês This study aimed to evaluate the effectiveness and the economical advantage of using flunixin meglumine (FM) to block uterine secretion of prostaglandin in order to reduce embryonic losses in beef cattle females. Postpartum cows (E1) and heifers (E2) were submitted to estrus synchronization and inseminated at fixed time. Fourteen days after the insemination the animals were assigned to the FM treatment group (FMG, including 59 cows and 23 heifers) and to the control group (mais) (CG, including 56 cows and 20 heifers). Pregnancy rates (42.4% for FMG and 42.8% for CG in E1) and (39.1% for FMG and 25.0% for CG in E2) did not differ between groups. Estimates of net income were 21.62, 9.24, 14.36 and 12.06% for the CG e FMG protocols in cows and in heifers, respectively. The use of FM at 14 days after AI did not affect pregnancy rates of postpartum beef cows and heifers.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

45

Suplementação com cromo e desempenho reprodutivo de vacas zebu primíparas mantidas a pasto/ Supplemental high chromium yeast and reproductive performance of grazing primiparous zebu cows

Aragón, V.E.F.; Graça, D.S.; Norte, A.L; Santiago, G.S.; Paula, O.J.
2001-10-01

Resumo em português Foram utilizadas 126 vacas zebu primíparas, mantidas a pasto durante a estação de monta, divididas em dois grupos, suplementado (72 animais) e controle (54 animais), com o objetivo de estudar a influência da suplementação com cromo (Cr) sobre algumas características reprodutivas. Utilizou-se como fonte de cromo a levedura Sacharomices cerevisae adicionada à mistura mineral (0,017% Cr). Não houve diferença significativa nos pesos das crias ao nascer e ao final do (mais) experimento. O peso final das vacas foi maior no grupo suplementado (428,5kg vs. 380,5kg). A porcentagem de animais em estro foi maior no grupo suplementado (98,6% vs. 88,7%) e a porcentagem total de prenhez apresentou apenas tendência em ser maior no grupo suplementado (87,5% vs. 75,47%). O intervalo parto-primeiro cio foi menor nos animais que receberam Cr (120,5 dias vs. 142,8 dias). O número de doses de sêmen por vaca inseminada (1,57) e por vaca gestante (1,85) no grupo controle foi semelhante ao de vacas inseminadas (1,69) e gestantes (1,90) no grupo suplementado. Resumo em inglês One hundred and twenty six grazing primiparous Zebu cows were assigned to one of two treatments, supplemental chromium (Cr) (72 cows) and control (54 cows), in order to evaluate the effects of Cr supplementation on reproductive performance of cows. Chromium was supplemented as high-Cr yeast Sacharomices cerevisae added to mineral premix (0.017% Cr). Chromium had no effect on calf weight, whereas final weight of cows was higher for the supplemented group (428.5kg vs. 380.5 (mais) kg).The percentage of detected estrus was higher for Cr supplemented group than for control group (98.6 vs. 88.7%) A tendency for higher pregnancy rate was showed by the Cr supplemented group (87.5% vs. 75.47%). The calving - first estrus interval of the Cr supplemented cows was lower than control cows (120.5 vs. 142.8 days). Supplementation of chromium had neither effect on service rate (1.57 vs. 1.69 doses of semen) nor on pregnancy (1.85 vs. 1.90 doses of semen).

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

46

Avaliação da imunidade passiva em bezerros nascidos de vacas imunizadas com vacina contra rotavírus/ Evaluation of passive immunity in calves born from cows immunized with anti-rotavirus vaccine

Silva, D.G.; Montassier, H.J.; Oliveira, R.G.; Fuentes, D.B.; Samara, S.I.; Jerez, J.A.; Buzinaro, M.G.
2008-10-01

Resumo em português Com o objetivo de monitorar a imunidade passiva em bezerros alimentados com colostro de vacas imunizadas e não imunizadas com vacina contra rotavírus, foram determinados títulos de anticorpos em amostras de sangue e colostro de 26 vacas da raça Holandesa no dia do parto e de seus bezerros, à zero, às 24, 48 horas e aos sete, 14, 21, 28 dias de idade, pelo ensaio imunoenzimático. Tanto no soro sangüíneo como no colostro, os títulos dos isótipos IgG, IgG1 e IgG2 (mais) foram mais elevados no grupo dos animais vacinados, porém somente no colostro o aumento foi significativo. Os bezerros alimentados com o colostro das vacas vacinadas apresentaram títulos mais altos dos isótipos IgG, IgG1, IgG2, IgA e IgM, após a ingestão do colostro, sendo constatado aumento significativo apenas para os títulos do isótipo IgG2. Amostras positivas para rotavírus foram detectadas nos dois grupos experimentais a partir dos sete dias de idade. A vacinação materna não protegeu efetivamente os bezerros das infecções naturais por rotavírus, pois, apesar de aumentar os títulos séricos de anticorpos anti-rotavírus nos animais vacinados, não foi capaz de impedir a ocorrência da rotavirose nos bezerros alimentados com o colostro das vacas imunizadas. Resumo em inglês Passive immune response in calves fed colostrum from immunized and nonimmunized cows by anti-rotavirus vaccine was monitored. Titers of antibodies were determined by immunoenzymatic assay in blood and colostrum sampled at parturition day from 26 Holstein cows as well as in blood from their calves collected at 0, 24, and 48 hours and seven, 14, 21, and 28 days after birth. In serum and colostrum, IgG, IgG1, and IgG2 antibody titers were higher in vaccinated animals; howeve (mais) r, this increase was only significant in colostrum. The calves fed colostrum from vaccinated cows showed higher IgG, IgG1, IgG2, IgA, and IgM isotypes titers after the ingestion of colostrum, being evidenced significant increase only for IgG2 titers. Positive samples for rotavirus were detected in both experimental groups since seven days after birth. Results showed that maternal vaccine failed to protect effectively the calves from natural infections by rotavirus, though it increased the anti-rotavirus antibody titers in vaccinated animals, but was not capable to impair the occurrence of rotaviruses in the calves fed colostrum from immunized cows.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

47

Condição corporal, variação de peso e desempenho reprodutivo de vacas de cria em pastagem nativa no Pantanal/ Body condition score, weight variation and reproductive performance of beef cows in rangelands from the Pantanal region

Santos, Sandra Aparecida; Abreu, Urbano Gomes Pinto de; Souza, Geraldo da Silva e; Catto, João Batista
2009-02-01

Resumo em português Objetivou-se avaliar a influência do escore de condição corporal (ECC) sobre a eficiência reprodutiva de vacas de cria nos períodos pré e pós-parto e a probabilidade de parição, usando o escore de condição corporal e a variação ponderal no período crítico do ciclo reprodutivo. Utilizaram-se 248 vacas multíparas mantidas em pastagens nativas distribuídas em quatro estratégias de suplementação: mistura mineral (controle); suplemento farelado; suplemento (mais) líquido; suplemento líquido para vacas e bezerros. As avaliações de peso e ECC, na escala de 1 a 9, foram realizadas no período crítico: em agosto (período pré-parto, 60-90 dias antes da parição) e em janeiro (período pós-parto e reprodutivo) durante quatro anos consecutivos. Para a análise dos anos consecutivos de reprodução, criou-se um escore de reprodução, ou seja, somou-se o número de parições de cada vaca durante os quatro anos pecuários avaliados. O escore de condição corporal nos períodos pré e pós-parto e a idade da vaca influenciaram o escore de reprodução. Portanto, para avaliação da probabilidade de parição, foram utilizadas todas as vacas, classificadas em paridas e vazias. Utilizando equações de estimação generalizadas (EEG), foi modelada a probabilidade de as matrizes serem classificadas como paridas considerando variáveis exploratórias ao longo do tempo. Para se obter probabilidade de parição superior a 80%, as vacas devem possuir escore de aproximadamente 5,5 no período pré-parto. Aproximadamente 60% das vacas paridas mantiveram ou ganharam peso no período crítico do ano, o que levou a maior probabilidade de reconcepção, similar ao observado para as vacas vazias, porém com probabilidade menor de parição. O período pré-parto é o melhor para estimar a probabilidade de parição das vacas por meio da avaliação do escore corporal. A seleção de vacas adaptadas às condições bioclimáticas do Pantanal aumenta a probabilidade de produção de um bezerro por vaca por ano. Resumo em inglês The aim of this study was to evaluate the influence of body condition score (BCS) on reproductive performance of beef cows before and after calving and to evaluate the calving probability using body condition score and weight variation during critical periods of the cow reproductive cycle. From 2001 to 2005, the body condition score was recorded in 248 multiparous cows raised in native pastures, submitted to different supplementation treatments (mineral mixture only - con (mais) trol; dry supplement; liquid supplement and liquid supplement for cow and calves). Weighing and body condition evaluation were made on a 1-9 point scale in August (prepartum period, 60-90 days before parturition) and January (postpartum and reproductive period). A reproduction score was created in function of the body scores in four consecutive years. Except for the treatment, the other factors (body condition score in the prepartum and postpartum periods and cow age) influenced the reproduction score. Thus, the calving probabilities were estimated for all cows. Generalized estimating equations (GEE) were used to evaluate the calving probability in function of the exploratory variables over time. Calving probability higher than 80% was obtained when cows scored 5,5 before calving. In relation to weight, the results showed that about 60% of calving cows maintained or gained weight in the postpartum period, leading to increase in the rebreeding probability. Similar situation occurred with single cows; however, the calving probability was lower. These results indicate that the calving probability using BCS is better estimated before calving. Furthermore, it indicates the presence of cows more adapted to the Pantanal climatic and feeding conditions than others.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

48

Características da Carcaça e da Carne de Novilhos e de Vacas de Descarte Hereford, Terminados em Confinamento/ Study of the Carcass and Meat of Hereford Steers and Cull Cows, Feedlot Finished

Vaz, Fabiano Nunes; Restle, João; Quadros, Arlei Rodrigues Bonnet de; Pascoal, Leonir Luiz; Sanchez, Luis Maria Bonnecarrère; Rosa, Joilmaro Rodrigo Pereira; Menezes, Luis Fernando Glasenapp de
2002-06-01

Resumo em português Objetivou-se estudar os aspectos quantitativos e qualitativos da carcaça e da carne de doze animais de duas categorias de bovinos Hereford, novilhos de dois anos de idade e vacas de descarte com idade média de oito anos, tomados ao acaso do mesmo rebanho, os quais foram terminados por 112 dias em confinamento, sendo que na primeira fase de 56 dias a relação volumoso (cana-de-açúcar triturada) : concentrado foi de 69 : 31 e na segunda fase, de 57 : 43. As vacas apres (mais) entaram maiores pesos de abate (475,7 vs. 426,7 kg) e porcentagem de costilhar (15,28 vs. 14,20%), porém rendimentos de carcaça fria (46,62 vs. 49,14%) inferiores. Não ocorreu diferença significativa entre as categorias para peso de carcaça fria. Os novilhos apresentaram melhores conformação de carcaça ("boa menos" vs. "regular") e perímetro de braço (34,67 vs. 33,58 cm), com menor comprimento de carcaça (121,9 vs. 131,6 cm) do que as vacas. A área de Longissimus dorsi foi maior nos novilhos (54,52 cm²) do que nas vacas (48,72 cm²), assim como a porcentagem de músculo na carcaça (63,96 vs. 56,28%). As vacas de descarte apresentaram maior percentagem de gordura na carcaça (25,29 vs. 21,08%) e de marmoreio na carne ("pequeno menos" vs. "leve menos"). Os novilhos apresentaram carne mais suculenta (5,45 vs. 4,70 pontos), de melhor palatabilidade (5,60 vs. 4,83 pontos) e mais macia (5,15 vs. 4,12 pontos) do que as vacas, mas não houve diferença significativa na força para cizalhamento das fibras da carne. A carne das vacas mostrou maior quebra ao cozimento (33,94%) do que a carne de novilhos (31,55%). Os resultados deste trabalho mostraram que os novilhos abatidos com dois anos de idade produzem carcaças mais magras e carne de melhor qualidade que vacas de descarte. Resumo em inglês This work was conducted with the objective to study the quantitative and qualitative traits of carcass and meat of two Hereford categories, two years old steers and cull cows with average age of eight years. Twelve animals of each categorie were randomly taken from the same herd, and feedlot finished during a 112 days period, being the roughage (sugar cane) : concentrate ratio of 69 : 31 during the first phase of 56 days and 57 : 43 during the second phase. Slaughter weig (mais) ht was higher for cows (475.7 vs. 426.7 kg), as well as the sidecut percentage (15.28 vs. 14.20%), but cows showed lower cold dressing percentage (46.62 vs. 49.14%). No significant difference between categories was observed for cold carcass weight. The steers showed higher carcass conformation score ("good" ¾ vs. "regular") and arm perimeter (34.67 vs. 33.58 cm), but lower carcass length (121.9 vs. 131.6 cm) than the cows. Longissumus dorsi area was higher for the steers (54.52 cm²) than for the cows (48.72 cm²), as well as the carcass muscle percentage (63.96 vs. 56.28%), but the cull cows showed higher carcass fat percentage (25.29 vs. 21.08%) and marbling score ("small" ¾ vs. "light ¾"). Meat from the steers was more juicy (5.45 vs. 4.70 points), had better flavor (5.60 vs. 4.83 points) and was more tender (5.15 vs. 4.12 points) than meat from the cows. However, no significant difference in the Shear value was observed between the two categories. Meat of the cows showed higher cooking loss (33.94%) than meat from the steers (31.55%). The results of this work showed that the steers slaughtered with two years of age, produce leaner carcasses and meat of better quality than cull cows.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

49

Avaliação do modelo CNCPS na predição do consumo de matéria seca em vacas da raça Holandesa em pastejo/ Evaluation of the Cornell Net Carbohydrate and Protein System on the prediction of dry matter intake of grazing lactating Holstein cows

Elyas, Ana Cristina Wyllie; Paiva, Paulo César de Aguiar; Lopes, Fernando César Ferraz; Vilela, Duarte; Arcuri, Pedro Braga; Morenz, Mirton José Frota
2009-06-01

Resumo em português Este trabalho foi realizado com o objetivo de avaliar o modelo Cornell Net Carbohydrate and Protein System (CNCPS), versão 5.0, na predição do consumo de matéria seca de vacas da raça Holandesa, lactantes, em pastagem de capim coast-cross suplementada com silagem de milho e concentrado (3 ou 6 kg/vaca.dia). Foram realizados seis ensaios experimentais, cada um com 12 vacas. Em três das avaliações, os animais receberam, além do concentrado, 17 kg de silagem de milh (mais) o/dia (base natural). As coletas de forragem selecionada na pastagem para análise da composição química foram realizadas por uma vaca com fístula esofágica. A estimativa do consumo voluntário foi realizada com sesquióxido de cromo (Cr2O3), administrado em doses de 5 g, duas vezes ao dia. Foram fornecidos ao programa dados (inputs) referentes aos animais (peso vivo corporal, escore corporal, idade, produção e composição do leite e tipo racial), ao ambiente (temperatura, umidade relativa do ar e manejo) e à composição do alimento em cada período experimental. Os valores preditos pelo CNCPS para a ingestão voluntária de matéria seca foram próximos àqueles estimados, havendo pequena tendência do modelo em subestimar o valor determinado com o indicador. Resumo em inglês The aim of this work was to evaluate the ability of the Cornell Net Carbohydrate and Protein System (CNCPS) version 5.0 to estimate the dry matter intake (DMI) of grazing lactating Holstein cows, grazing coast-cross pasture supplemented with corn silage and concentrate (3 or 6 kg/cow/day). Six experiments were carried out, with 12 cows each. The cows were fed 17 kg/cow/day of corn ensilage in three experiments. The chemical composition of extrusa samples of forage was det (mais) ermined, obtained using an esophageous fistulated cow. The intake estimates were obtained using 5 g of chromium oxide (Cr2O3) methodology supplied two times a day. Data corresponding to animals (body weight, age, milk yield and composition and racial type), environment (temperature, air relative humidity and management condition) and the feed chemical composition in each experimental period were provided to the program. The DMI values predicted by the CNCPS model were close to those obtained by the chromium oxide methodology.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

50

Efeito do concentrado no desempenho produtivo, reprodutivo e econômico de vacas da raça Holandesa em pastagem de coast-cross/ Effect of the concentrate on the productive, reproductive and economic performances of Holstein cows on coast-cross pastures

Vilela, D.; Ferreira, A.M.; Resende, J.C.; Lima, J.A.; Verneque, R.S.
2007-04-01

Resumo em português Avaliou-se o desempenho produtivo, reprodutivo e econômico de vacas da raça Holandesa, mantidas em pastagem de capim-coast-cross e suplementadas com 3 ou 6kg de concentrado/vaca/dia. O pastejo foi sob lotação rotacionada, com um dia de ocupação dos piquetes e 25 ou 35 dias de descanso nas épocas de chuvas ou de seca, respectivamente. A produção de leite foi influenciada pela quantidade de suplemento fornecida. Vacas que receberam 6kg de suplemento produziram mais (mais) leite (19,1kg/dia) do que as que receberam 3kg (15,5kg/dia). O primeiro estro pós-parto ocorreu aos 99,9 e 67,8 dias, respectivamente, pelos métodos de identificação visual e dosagem de progesterona, para vacas suplementadas com 3kg de concentrado, e 72,9 e 54,5 dias para as suplementadas com 6kg; os intervalos de partos, obtidos na mesma ordem dos tratamentos citados, foram de 444,8 e 436,8 dias. O método visual para identificação de estros não foi preciso e comprometeu a rentabilidade da atividade. Resumo em inglês Productive, reproductive and economic performance of Holstein cows raised on coast-cross pasture and supplemented either 3 or 6kg of concentrate/cow/day were evaluated. Grazing was under rotating with one day of occupation of each feedlot and 25 or 35 days of resting in the rainy or dry seasons, respectively. Milk yield was higher for cows receiving 6kg of concentrate (19.1kg/day) than for cows receiving (15.5kg/day). The first post-calving estrous occurred on 99.9 and 67 (mais) .8 days, respectively, by visual and progesterone dosage methods for cows fed 3kg of concentrate, and 72.9 and 54.5 days for those fed 6kg. The calving intervals were 444.8 and 436.8 days for cows fed 3kg and 6kg of concentrate, respectively. The visual method for estrous detection was not accurate and compromised business profitability.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

51

Suplementação de lipídeos de diferentes fontes em dietas para vacas Jersey na fase inicial de lactação/ Fat supplementation from different sources in the diet of Jersey cows in the initial lactation stage

Costa, Patrícia Barcellos; Stumpf Júnior, Waldyr; Nörnberg, José Laerte; Fischer, Vivian; Queiroz, Augusto César de; Mello, Renius
2007-08-01

Resumo em português Objetivou-se avaliar os efeitos da suplementação de lipídeos como sais de cálcio de óleo de palma (GP), farelo de arroz integral + óleo de arroz (FAIO) ou farelo de arroz integral + sebo bovino (FAIS) sobre o consumo de MS, a eficiência produtiva e o balanço energético de vacas leiteiras no terço inicial da lactação. A dieta controle continha 2,9% EE, enquanto as dietas GP, FAIO e FAIS continham, respectivamente, 5,13; 5,29 e 5,16% EE. Foram utilizadas oito va (mais) cas Jersey, puras de origem, de 2ª e 3ª ordens de lactação, aos 70 dias de lactação, com média de 420 kg PV e escore corporal de 3,5 a 4. O delineamento experimental utilizado foi o quadrado latino 4 x 4 duplo, com oito animais, quatro dietas e quatro períodos experimentais de 21 dias (14 dias para adaptação e sete para coleta de amostras para as análises químicas do leite e dos alimentos). A produção de leite corrigida para 3,5% de gordura (PLC3,5%) foi maior com a suplementação de lipídeos à dieta. Não houve efeito da suplementação sobre o consumo de MS. A suplementação de lipídeos resultou em maior eficiência produtiva, expressa como PLC3,5% em relação ao peso metabólico. Independentemente da fonte de lipídeo, não houve efeito das dietas sobre a PLC3,5%, o consumo de MS e a eficiência produtiva. O uso de diferentes fontes de lipídeos em dietas para vacas leiteiras de alta produção pode ser viável, pois sua inclusão na dieta promoveu aumento na produção leiteira sem alterar o consumo de alimentos. Resumo em inglês The objective of this research was to evaluate the effects of fat supplementations as calcium salts of palm oil (PF), whole rice bran + rice oil (WRBO) and whole rice bran + bovine tallow (WRBT) on dry matter intake, productive efficiency and energy balance of dairy cows in the beginning of the first third period of lactation. Control diet contained 2.9% EE, while the diets GP, FAIO and FAIS contained 5.13; 5.29 and 5.16% EE, respectively. Pure bred Jersey cows of 2nd and (mais) 3rd lactation were used, with 70 days in milk, average weight of 420 kg and body condition of 3.5 to 4. A replicated 4 x 4 Latin square experimental design was used, with eight cows, four diets and four experimental periods. Each experimental period consisted of 21 days (14 days for adaptation and 7 for sample collection for the chemical analysis of milk and feeds. Milk production of 3.5% fat corrected milk (FCM 3.5%) was higher with the fat supplementation to the diet. There was no difference in dry matter intake. Fat supplementation showed better results for productive efficiency expressed as FCM3.5% in function of metabolic weight. Independently of lipid source, there was not effect of the diets on PLC3.5%, dry matter intake and productive efficiency, expressed as PLC3.5% in function of the metabolic weight. The addition of different fat sources to high production dairy cows diets could be viable, because its addition to the diet improved milk yield without alter feed intake.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

52

Fornecimento de suplementos com diferentes níveis de energia e proteína para vacas Jersey e seus efeitos sobre a instabilidade do leite/ Supply of supplements with different levels of energy and protein to Jersey cows and their effects on milk instabilty

Marques, Lúcia Treptow; Fischer, Vivian; Zanela, Maira Balbinotti; Ribeiro, Maria Edi Rocha; Stumpf Junior, Waldyr; Manzke, Naiana
2010-12-01

Resumo em português Objetivou-se avaliar o efeito de suplementos contendo três combinações de energia e proteína sobre a produção leiteira, as características físico-químicas do leite, o peso e a condição corporal e o perfil bioquímico sanguíneo de vacas. Foram utilizadas 24 vacas lactantes em campo natural, distribuídas em delineamento completamente casualizado, recebendo um dos seguintes suplementos: baixos níveis de energia e proteína; baixo nível de energia e alto nível (mais) de proteína; ou altos níveis de energia e proteína. Em comparação ao suplemento com baixos níveis de energia e proteína, aquele com altos níveis de energia e proteína reduziu a instabilidade do leite na prova do álcool, aumentou em 50% a produção de leite e em 18% o escore de condição corporal das vacas. Além disso, ocasionou aumento dos componentes do leite e do perfil bioquímico sanguíneo das vacas: 13% no teor de lactose; 9% no de extrato seco desengordurado; 21% nos níveis plasmáticos de glicose; 24% no teor de fósforo; 16% no nível de creatinina; 9% no teor de magnésio; e reduziu em 40% o teor de nitrogênio ureico. O suplemento com altos níveis de energia e proteína foi mais eficiente que os demais em melhorar a estabilidade do leite na prova do álcool, o escore de condição corporal e os teores de alguns componentes químicos do leite e do sangue. Resumo em inglês The aim of the study was to evaluate the effects of supplements with three combinations of energy and protein on milk production, milk physical and chemical characteristics, body weight, body condition score and blood biochemical profile of the cows. It was used, in this experiment, 24 lactating cows on natural fields distributed in a complete random design, receiving one of the following supplements: low levels of energy and protein, low level of energy and high level of (mais) protein or high levels of energy and protein. Compared to the low energy and protein supplement, high energy and protein supplement reduced milk instability in the alcohol test, it increased milk production in 50%, and body condition score of the cows in 18%. In addition, it increased milk components and blood biochemical profile of the cows: 13% in lactose content; 9% in non-fat dry extracts; 21% in glucose plasmatic levels, 24% in phosphorus content, 16% in creatinine content, 9% in magnesium contents; and it reduced ureic nitrogen in 40%. The supplement with high levels of energy and protein was more efficient than the others in improving milk stability in the alcohol test, body condition score and contents of some chemical components of the milk and of blood.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

53

Produção de leite e desempenho dos bezerros de vacas Nelore e mestiças/ Milk production and performance of calves from Nellore and crossbred cows

Oliveira, Vítor Corrêa de; Fontes, Carlos Augusto de Alencar; Siqueira, João Gomes de; Fernandes, Alberto Magno; Sant´Ana, Nivaldo de Faria; Chambela Neto, Alberto
2007-12-01

Resumo em português O trabalho foi realizado com o objetivo de avaliar as curvas de lactação de vacas Nelore e mestiças F1 Limousin-Nelore (LN) e Simental-Nelore (SN) e o desempenho de suas progênies. Foram utilizadas 13 vacas de cada grupo genético, com 5 a 9 anos de idade, e as suas respectivas crias. A partir do 15º dia após o parto até a desmama dos bezerros (210 dias), as vacas foram mantidas com suas crias em baias individuais. No arraçoamento procurou-se atender 100% das exig (mais) ências de mantença e lactação das vacas; a mesma ração foi fornecida aos bezerros a partir dos 90 dias de idade visando atender no máximo 30% de suas exigências nutricionais. A ração foi formulada com 30% de concentrado e 70% de silagem, na MS. A produção de leite das vacas foi determinada mensalmente pelo método da diferença de peso dos bezerros. Por meio de um modelo não-linear, estimaram-se o tempo necessário para as vacas atingirem o pico de lactação, a produção no pico, a persistência de produção de leite e as produções total e média diária. As vacas Nelore tiveram, em comparação às mestiças, menores produções no pico de lactação, total e média diária, mas apresentaram maior persistência de lactação. As produções no pico de lactação, total e média diária, nas vacas SN foram maiores que nas vacas LN, no entanto, não houve diferença entre esses grupos quanto à persistência de lactação. Os bezerros das vacas Nelore apresentaram menores ao nascer e à desmama e ganharam menos peso no período de aleitamento em comparação aos de vacas mestiças, que não diferiram entre si. Vacas mestiças têm maior habilidade materna que vacas Nelore. Resumo em inglês The research was carried out to evaluate the lactation curves of Nellore and Crossbred F1 Limousin-Nellore (LN) and Simmental-Nellore (SN) cows and the performance of the progeny. Thirteen cows from each breed group, with age ranging from 5 to 9 years, and the respective calves were used. From 15 days after calving until weaning of the calves (210 days), the cows and calves were kept in individual pens. The nutritional requirements of the cows for maintenance and lactatio (mais) n were met. The same ration was offered to the calves from the 90 days of age, in limited amounts to supply 30% of the nutritional requirements. The ration was formulated with 30% of concentrate and 70% of silage, DM basis. Monthly, milk production of the cows was estimated, utilizing the weigh-suckle-weigh method. By means of nonlinear model, it was estimated the time needed for the cows to reach the peak of lactation, the production at the peak of lactation; the persistence of milk production and total and daily average milk production. Nellore cows showed lower production at the peak of lactation, total and daily average milk production, but higher persistency than crossbred cows. The productions in the lactation peak, total and daily average, in cows SN, were higher than in cows LN, however, no difference was observed between these groups for lactation persistence. Calves from Nellore cows had lower birth weight, weaning weight and preweaning weight gain than those from crossbred cows. There was no difference between calves from the two crossbred groups. It is concluded that crossbred cows have higher maternal ability than Nellore cows.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

54

Mosca-dos-chifres, Haematobia irritans: comportamento e danos em vacas e bezerros Nelore antes da desmama/ The hornfly, Haematobia irritans: behaviour and damage caused in Nellore cows and pre-weaning calves

Bianchin, Ivo; Alves, Rafael G. O.
2002-09-01

Resumo em português Estudaram-se o comportamentos e os danos causados pela mosca-dos-chifres em vacas e bezerros Nelore antes da desmama. Foram utilizados dois grupos de 60 animais cada um, sendo um grupo com infestação natural de moscas e o outro sem moscas, por quatro anos consecutivos. Observou-se que o número de moscas das vacas não ultrapassou a média de 80 moscas/animal, em todos os anos experimentais. A maioria das vacas (83%) apresentou poucas moscas, enquanto a minoria (17%) te (mais) ve maior quantidade. Os bezerros foram pouco infestados pelas moscas. Chuvas acima de 100 mm em curto espaço de tempo diminuíram a infestação de moscas. O ganho de peso das vacas tratadas com inseticida (sem infestação por moscas) bem como os seus bezerros foi maior do que as vacas controle, porém não foi estatisticamente significativo (P>0,05). A percentagem média de prenhez, nos quatro anos, das vacas tratadas foi 15% superior a das não tratadas e esta diferença foi causada provavelmente pela infestação de moscas nos touros. Resumo em inglês The hornfly and losses caused by it in Nellore cows and pre-weaning calves where studied, using two groups of 60 animals each, one group with a natural infestation and the other without hornfly, during four consecutive years. It was seen that the number of flies on the cows did not exceed an average of 80 flies/animal in all years of observation. The majority of the cows (83%) had few flies, whereas 17% had larger numbers. The calves were infested with few flies. Rainfall (mais) in excess of 100 mm during short periods diminished fly infestation. Weight gain in the cows without flies (treated with insecticides) as well as their calves was greater than in the control cows, but not statistically significant (P>0.05). Mean percentage pregnancy during the four years was 15% more in treated cows than the non-treated animals, and this difference was probably due to the infestation of the bulls.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

55

Efeito do grupo genético e heterose na terminação de vacas de descarte em confinamento/ Genetic group and heterosis effects on the feedlot performance of culled cows

Restle, João; Brondani, Ivan Luiz; Alves Filho, Dari Celestino; Bernardes, Régis Augusto Carvalho; Neumann, Mikael; Faturi, Cristian; Pacheco, Paulo Santana
2001-04-01

Resumo em português O experimento teve como objetivo avaliar, durante a fase de terminação, o peso, o consumo alimentar, o ganho de peso e a conversão alimentar de vacas de descarte, puras (Charolês-C e Nelore-N) e cruzadas F1 ( ½ CN e ½ NC), bem como medir a heterose resultante. As vacas foram confinadas por um período de 80 dias, sendo todas alimentadas com a mesma dieta, contendo 10% de proteína bruta e uma relação volumoso:concentrado de 65:35. Vacas F1 foram mais pesadas no in (mais) ício (402 vs 362 kg) e no final do confinamento (524 vs 475 kg), sendo a heterose de 11,05 e 10,31%, respectivamente. O ganho de peso médio diário das vacas F1 (1,557 kg) foi similar ao das puras (1,424 kg). O consumo voluntário de matéria seca (CMS) em kg/animal/dia (CMSD) foi 11,26% superior nas vacas F1 em relação às puras. No entanto, ao expressar o CMS por unidade de peso metabólico (CMSM) e por 100 kg de peso vivo (CMSP), a diferença decresceu para 3,25 e 3,57%, respectivamente, e deixou de ser significativa. Vacas C foram mais pesadas e apresentaram maior ganho de peso médio diário que vacas N (1,554 contra 1,294 kg). Vacas ½ CN foram mais pesadas e mais eficientes na transformação de alimentos em ganho de peso que vacas ½ NC. Resumo em inglês The objective of the experiment was to evaluate the weight, the feed intake, the average weight gain and feed: gain ratio of culled cows, straightbreds (Charolais-C and Nellore-N) and crossbreds (½ CN and ½ NC) during the finishing phase as well as measuring the resulting heterosis. The cows were confined during 80 days, all of them fed with a 10% crude protein diet and forage: concentrate ratio of 65:35. The F1 cows were heavier at the beginning (402 vs. 362 kg) and at (mais) the end of the feedlot confinement (524 vs. 475 kg), being the heterosis of 11.05 and 10.31%, respectively. The average weight gain of the F1 cows (1.557 kg) was similar to the straightbreds (1.424 kg). The dry matter intake (DMI) in kg/animal.day (DMID) was 11.26% higher for F1 than for straightbred cows. However, when DMI was expressed in relation to the metabolic weight (DMIM) and per 100 kg of LW (DMIP), the difference decreased to 3,25 and 3,57%, respectively, and became non significant. The C cows were heavier and showed higher average daily gain (1.553 vs. 1.424 kg) than he N. The F1 ½ CN cows were heavier and more efficient in converting feed in weight gain, than the ½ NC.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

56

Estimativa de níveis críticos superiores do índice de temperatura e umidade para vacas leiteiras ¹/2, ³/4 e 7/8 Holandês-Zebu em lactação/ Estimation of upper critical levels of the temperature-humidity index for ½, 3/4 e 7/8 lactating Holstein-Zebu dairy cows

Azevedo, Marcílio de; Pires, Maria de Fátima Ávila; Saturnino, Helton Mattana; Lana, Ângela Maria Quintão; Sampaio, Ivan Barbosa Machado; Monteiro, João Bosco Neves; Morato, Leandro Esteves
2005-12-01

Resumo em português A temperatura retal (TR), freqüência respiratória (FR) e temperatura da superfície corporal (TS) foram avaliadas em vacas ½, ¾ e 7/8 Holandês-Zebu (HZ) durante dois verões e dois invernos nos períodos da manhã e da tarde no Município de Coronel Pacheco - MG, Brasil. O objetivo nesta pesquisa foi estimar níveis críticos superiores do índice de temperatura e umidade (ITU) para os grupos genéticos pesquisados. As medidas para análise de correlaç� (mais) �o e de regressão múltipla entre as variáveis foram obtidas de um grupo de 15 vacas em lactação por estação estudada, sendo cinco de cada um dos grupos genéticos ½, ¾ e 7/8HZ. Os resultados obtidos na análise de correlação evidenciaram que a freqüência respiratória (FR) é um indicador de estresse térmico melhor que a temperatura retal (TR). Com base na TR, foram estimados valores críticos superiores de ITU iguais a 80, 77 e 75 para os grupos genéticos ½, ¾ e 7/8HZ, respectivamente. Considerando-se a FR, os valores críticos superiores de ITU estimados para os referidos grupos genéticos foram 79, 77 e 76, respectivamente. Com base na TS, estimou-se valor crítico superior de ITU igual a 79 para os três grupos genéticos estudados. Vacas do grupo genético ½HZ demonstraram maior tolerância ao calor que as 7/8HZ, enquanto as ¾HZ se situaram em posição intermediária. Resumo em inglês The objective of this trial was to estimate the upper critical levels of the temperature-humidity index (TUI) measuring morning and afternoon rectal temperature (RT), respiratory rate (RF), and hair coat surface temperature (ST) of ½, ¾ and 7/8Holstein-Zebu (HZ) dairy cows during two consecutive years (two summers and two winters) in Coronel Pacheco, MG, Brazil. Correlation and multiple analysis were determined using data obtained from 15 dairy crossbreed co (mais) ws/season; five from each genetic group (GG). Results showed that RF was more reliable than RT as an indicator of heat stress based on both correlation and regression analysis. Estimated upper critical values of the TUI were 80, 77, and 75 using RT and 79, 77, and 76 using RF for ½HZ, ¾HZ, and 7/8HZ dairy cows, respectively. When ST was used the estimated upper critical values of the TUI were very similar among the three GG averaging 79. The ½HZ dairy cows were more heat tolerant than those in the 7/8HZ GG while the ¾HZ were intermediate.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

57

Consumo, digestibilidade e excreção de uréia e derivados de purinas em vacas de diferentes níveis de produção de leite/ Intake, digestibility and nitrogen metabolism in Holstein cows with different milk production levels

Chizzotti, Mário Luiz; Valadares Filho, Sebastião de Campos; Valadares, Rilene Ferreira Diniz; Chizzotti, Fernanda Helena Martins; Marcondes, Marcos Inácio; Fonseca, Mozart Alves
2007-02-01

Resumo em português Objetivou-se avaliar o efeito do nível de produção de leite sobre o consumo e a digestibilidade dos nutrientes (MS, MO, EE, PB, FDNcp e CNF corrigidos), o consumo de NDT, a produção de proteína microbiana e a excreção de compostos nitrogenados na urina. Foram avaliadas as concentrações de N uréico no soro (NUS) e no leite (NUL) de animais de diferentes níveis de produção de leite. Foram comparadas as metodologias de coletas de urina spot e total para quantif (mais) icação do fluxo de N microbiano. Quinze vacas holandesas foram alocadas em delineamento inteiramente casualizado, com três tratamentos, de acordo com a produção de leite: 5,88 (baixa); 18,54 (média) e 32,6 kg de leite/dia (alta). A dieta foi constituída de silagem de milho fornecida à vontade e 1 kg de concentrado para cada 3 kg de leite produzido. Os consumos de todos os nutrientes, exceto FDNcp, foram maiores nos animais mais produtivos. As digestibilidades de MS e MO e o teor de NDT não diferiram entre os tratamentos, mas as digestibilidades da PB e da FDNcp foram influenciadas pelo nível de produção, sendo maior e menor, respectivamente, nos animais de alta produção. Os teores de NUS e NUL e a excreção de compostos nitrogenados na urina foram altamente correlacionados e superiores nos animais mais produtivos, indicando que a concentração ótima varia com o nível de produção de leite. A produção microbiana não diferiu entre as metodologias de coleta spot e total de urina, sendo inferior nos animais menos produtivos. Assim, a coleta de urina spot pode ser utilizada para estimar a excreção de compostos nitrogenados na urina e a produção de proteína microbiana no rúmen. Resumo em inglês The objective of this trial was to evaluate the effect of milk production level on intake, digestibility of nutrients, microbial protein synthesis, and nitrogen (N) metabolism in Holstein cows. It was also of particular interest to compare spot urine sampling and total urine collection as methodologies to quantify yield of microbial N using purine derivatives (PD) as indirect microbial markers. Fifteen Holstein cows were grouped by milk yield (5.88 kg/day: LOW treatment; (mais) 18.54 kg/day: MEDIUM treatment; and 32.6 kg/day: HIGH treatment) and data analyzed as a completely randomized design. Animals were fed ad libitum corn silage plus one kg of concentrate per each three kg of milk produced. Except for NDF corrected for ash and protein (NDFap), intake of all remaining nutrients was increased by milk yield. Digestibilities of DM and OM and dietary TDN content did not differ among treatments. However, digestibility of CP was higher and that of NDFap was lower on the greatest milk yielding cows (HIGH treatment). Concentrations of milk urea N and serum urea N as well as urinary N excretion were all greatest in the HIGH treatment and were also highly correlated with milk yield. Microbial protein synthesis estimated by PD was lowest on cows in the LOW treatment and did not differ when either spot urine sampling or total urine collection was used. Therefore, spot urine sampling can be used to estimate urinary excretion of nitrogenous compounds and microbial protein synthesis in Holstein cows with different production levels.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

58

Efeito das taxas de descarte sobre medidas econômicas de vacas leiteiras em Kentucky/ Effect of culling reasons on lifetime profitability measures of dairy cows in Kentucky

Ribeiro, Anamaria Cândido; McAllister, Alan Jack; Queiroz, Sandra Aidar de
2003-12-01

Resumo em português Foram utilizadas 19.565 lactações vitalícias de vacas da raça Holandesa para avaliar o impacto dos motivos de descarte sobre a rentabilidade vitalícia de vacas leiteiras, mais especificamente sobre a receita líquida vitalícia (RLV), eficiência vitalícia (EF), receita do leite menos o custo de alimentação (RLMA) e receita líquida por dia de vida produtiva (RLD). A taxa geral de descarte foi igual a 31,39%, valor que pode ser considerado alto e estaria diretamen (mais) te relacionado com a vida produtiva curta encontrada para estes rebanhos, 25,57 meses. A principal causa de descarte foi problema reprodutivo (21,57%), seguido por injúrias e outras causas (21,17%) e baixa produção (17,20%). Os descartes involuntários foram a grande maioria, representando 75% do total. As diferentes medidas econômicas estudadas sofreram impacto significativo do motivo de descarte, em que as vacas removidas por venda para fins leiteiros foram as mais rentáveis ao produtor. Resumo em inglês The aims of this research were to evaluate the effect of culling reasons on lifetime economic measures of dairy cows especially, Lifetime Net Income (LNI), Lifetime efficiency (LE), Income Over Feed Costs (IOFC) and Lifetime income per day of productive life (LIPL) using 19,565 lifetime records from Holstein cows. Culling rate was calculated dividing the number of culled animals, yearly, by the number of all animals present in each year. Data on reasons for disposal were (mais) used to calculate the culling rate distribution, dividing the number of animals in each class of culling reason by the total number of animals. The estimated culling rate was 31.39%. This value was high and could be a result from the short productive life of cows, 25.57 months. The main reasons for disposal were reproductive problems (21.57%), injuries and other causes (21.17%), and low production (17.20%). Involuntary culling was responsible for the majority of culling, representing 75% of total. All traits were significantly affected by culling reason. Cows culled for dairy purposes were more profitable to producers.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

59

Efeitos da taxa de ganho de peso pré-desmama de bezerras de corte e do nível nutricional pós-parto, quando vacas, sobre a produção e composição do leite e o desempenho de bezerros/ Preweaning gain rate of beef heifers and postpartum nutritional level, as cows, on milk production and composition and performance of their calves

Restle, João; Pacheco, Paulo Santana; Padua, João Teodoro; Moletta, José Luiz; Rocha, Marta Gomes da; Silva, José Henrique Souza da; Freitas, Aline Kellermann de
2005-02-01

Resumo em português Foi estudada a taxa de ganho de peso de bezerras de corte na fase de aleitamento, do nascimento aos sete meses, e seu reflexo sobre o desempenho posterior, enquanto vacas. As taxas de ganho de peso avaliadas quando bezerras, durante o período pré-desmame, foram: baixa (menor que 350 g/dia) e moderada (maior que 350 g/dia). Quando vacas e após o parto, foram mantidas com seus bezerros até o desmame, em pastagem nativa (PN) ou pastagem cultivada (PC). As vacas, quando b (mais) ezerras, foram pesadas ao nascer e aos sete meses de idade (desmame) e, quando vacas, foram pesadas, com seus bezerros nas primeiras 24 horas pós-parto; aos 14, 42, 70, 98, 126, 154, 182 dias; e ao desmame, que ocorreu com idade média dos bezerros de 228 dias. As avaliações da produção de leite e a coleta de amostras para avaliação da composição do leite foram realizadas nas mesmas datas das pesagens, com exceção do nascimento. Taxas de ganho de peso inferiores a 350 g/dia até os sete meses de idade não foram prejudiciais ao futuro peso das bezerras, em razão da compensação no peso que apresentaram na fase pós-desmama. Bezerras com taxas de ganho de peso menores que 350 g/dia até os sete meses de idade, enquanto vacas produziram maiores quantidades de leite (4,83 vs 3,71 L/dia), total de gordura (47,4 vs 35,9 kg), lactose (52,6 vs 39,7 kg), extrato seco total (140,4 vs 107,2 kg) e extrato seco desengordurado (94,8 vs 71,2 kg), e bezerros com maiores ganhos de peso (717 vs 617 g/dia) e mais pesados ao desmame (189,0 vs 166,1 kg) que as vacas que, quando bezerras, apresentaram taxas de ganho de peso acima de 350 g/dia. Resumo em inglês The preweaning weight gain rate of beef heifers and its effects on their subsequent performance as cows, was studied. The weight gain rates evaluated as heifer calves before weaning were low (below 350 g/day) and moderate (above 350 g/day). As cows and after calving, they were kept together with their calves until weaning on native (NP) or cultivated pasture (CP). The cows while heifers were weighted at birth and at weaning with seven months. As cows they were weighted wi (mais) th their calves 24h after calving, at 14, 42, 70, 98, 126, 182 days postpartum, and at weaning when the calves reached average age of 228 days. The milk yield and the sampling for the evaluation of milk composition were taken at the same day of the weighing of the cows, with exception at birth. Weight rates below 350 g/day until seven months, did not affect the future weight of the heifers, due to compensatory gain after weaning. Heifers with weight gain rates below 350 g/day until seven month, as cows produced more milk (4.83 vs 3.71 L/day), total fat (47.4 vs 35.9 kg), lactose (52.6 vs 39.7 kg), total dry extract (140.4 vs 107.2 kg) and nonfat dry extract (94.8 vs 71.2 kg), calves with higher weight gain (717 vs 617 g/day) and heavier at weaning (189 vs 166.1 kg), than cows that showed as heifer-calves weight gain rates above 350 g/day.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

60

Efeito da condição corporal ao parto sobre o desempenho produtivo de vacas mestiças Holandês × Zebu/ Effect of body condition score at calving on productive performance of crossbred Holstein-Zebu cows

Freitas Júnior, José Esler de; Rocha Júnior, Vicesnte Ribeiro; Rennó, Francisco Palma; Mello, Marco Túlio Parrela de; Carvalho, Alexssandre Pinto de; Caldeira, Luciana Albuquerque
2008-01-01

Resumo em português Vinte e cinco vacas mestiças Holandês × Zebu foram utilizadas para avaliar o efeito da condição corporal ao parto sobre a produção e composição do leite e a mobilização de reservas corporais, avaliada por meio da variação da condição corporal do parto até os 120 dias de lactação. Os animais foram divididos em duas classes, de acordo com seu escore de condição corporal ao parto (ECCP), em uma escala de 1 (muito magra) a 5 (muito gorda): classe 1, vacas (mais) com ECCP > 3,25; e classe 2, vacas com ECCP Resumo em inglês Twenty-five crossbred Holstein-Zebu cows was used to evaluate the effect of body condition score at calving on milk yield and composition and evaluate the body reserves mobilization by variation of body condition score during the first 120 days of lactation. The cows were allocated in two classes according to the body condition score at calving (BCSC), using a scale from 1 (very thin) to 5 (very fat): class 1, cows with of BCSC > 3.25; and class 2, cows with BCSC (mais) s expected the two classes of BCSC were significantly different at calving, showing mean values of 3.71 and 2.58 for class 1 and 2, respectively. From calving to 120 days of lactation cows of class 1 showed greater change in body condition score (CBCS) than cows of class 2 with mean cows, showed values of -0,57 and -,12 units of BCS for class 1 and 2, respectively. The body condition score at calving did not influence milk yield, but milk yield adjusted to 3.5% fat, fat percentage and production were different between cows of class 1 and 2. The crossbred cows Holstein-Zebu with a BCSC greater to 3.0 showed higher milk yield corrected to 3.5% fat and yield fat in this study.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

61

Desenvolvimento luteal e concentrações plasmáticas de progesterona em vacas das raças Gir e Nelore/ Follicular dynamic and luteal regression in Gir and Nelore cows after treatment with cloprostenol sodic

Borges, Álan Maia; Torres, Ciro Alexandre Alves; Ruas, José Reinaldo Mendes; Rocha Júnior, Vicente Ribeiro; Carvalho, Giovanni Ribeiro de
2003-04-01

Resumo em português A dinâmica folicular e a regressão luteal foram avaliadas em 12 vacas da raça Gir e em sete da raça Nelore tratadas com cloprostenol sódico entre os dias 10 e 12 do ciclo estral. A porcentagem de sincronização foi superior a 92% para as duas raças, e a ovulação do folículo dominante da segunda onda foi verificada em 72,7% da raça Gir e em todas as vacas Nelore. O diâmetro do folículo ovulatório na raça Nelore foi inferior (11,0 ± 0,9 mm) ao da raça Gir ( (mais) 13,0 ± 1,7 mm). O intervalo médio da aplicação do luteolítico ao estro, à ovulação e o momento de ovulação após o início do estro foram de 88,7 e 91,6h, 119 e 113h, 26,5 e 24,3h para as raças Nelore e Gir, respectivamente. Resumo em inglês The follicular dynamics and luteal regression were studied in 12 Gir and seven Nelore cows, treated with prostaglandin F2a analog, between days 10 and 12 of the estrous cycle. The synchronization rate was higher than 92% for the Gir and Nelore cows, and the ovulation of the second dominant follicle occurred in 72.7% of the Gir and all the Nelore cows. The Nelore ovulatory follicle diameter was lower than Gir cows ((11.0 ± 0.9 mm x 13.0 ± 1.7 mm). The intervals from trea (mais) tment to estrus, treatment to ovulation time and from the onset of the estrus to ovulation were 88.7 and 91.6h, 119 and 113h, 26.5 and 24.3h for Nelore and Gir cows, respectively.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

62

Infestação de Tunga penetrans siphonaptera: Tungidae em cascos de vacas leiteiras F1 Holandês-Zebu/ Infestation of Tunga penetrans siphonaptera: Tungidae in hooves of F1 Holstein-Zebu cows

Ribeiro, J.C.V.C.; Coelho, S.C.; Ruas, J.R.M.; Lana, A.M.Q.; Carvalho, A.U.; Facury Filho, E.J.; Saturnino, H.M.; Reis, R.B.
2007-04-01

Resumo em inglês Tunga penetrans rate of infestation in hooves of confined F1 Holstein-Zebu cows during the dry season was recorded. First parturition cows showed an infestation rate of 90.5% in the thorax and 96.9 in the pelvic members, second parturition cows showed an infestation rate of 95.3% in the thorax and 100% in the pelvic members while third parturition cows showed rate of infestation of 100% for both members.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

63

Efeitos do fornecimento de monensina e óleo de soja na dieta sobre o desempenho de vacas leiteiras na fase inicial da lactação/ Effects of dietary supplementation of monensin and soybean oil on production of early lactating dairy cows

Eifert, Eduardo da Costa; Lana, Rogério de Paula; Lanna, Dante Pazzanese Duarte; Arcuri, Pedro Braga; Leão, Maria Ignez; Valadares Filho, Sebastião de Campos; Leopoldino, Webel Machado; Silva, José Henrique Souza da
2005-12-01

Resumo em português Avaliou-se o efeito do fornecimento de monensina e óleo de soja na dieta sobre o desempenho de vacas leiteiras na fase inicial de lactação. Foram utilizadas 16 vacas multíparas 7/8 Holandês Gir, com 30 dias em lactação, em um delineamento em blocos ao acaso, em esquema fatorial. O período experimental teve duração de 84 dias, divididos em três fases: I - 5ª à 8ª; II - 9ª à 12ª; III - 13ª à 16ª semana de lactação. Os tratamentos foram denominados: CT: (mais) dieta controle - sem óleo e sem monensina; MN: dieta sem óleo, com monensina a 33 ppm; OL - dieta com óleo de soja (3,9%), sem monensina; OM - dieta com a combinação de óleo de soja e monensina. Os animais foram alimentados duas vezes ao dia, com dieta composta por 52% de silagem de milho e 48% de concentrado. O consumo foi reduzido nas vacas alimentadas com as dietas com óleo de soja, mas o consumo de energia não foi alterado pelos tratamentos. A produção de leite foi similar entre os animais, mas, enquanto as dietas sem óleo proporcionaram aumento no consumo e na produção com o avanço da lactação, nas dietas com óleo o consumo e produção de leite foram constantes. O óleo de soja reduziu a produção de leite corrigida e tanto monensina como óleo reduziram o teor de gordura, que diminuiu nas fases II e III nas vacas que receberam as dietas com óleo e aumentou naquelas alimentadas com as dietas sem óleo. A monensina elevou o teor de proteína, enquanto o óleo de soja reduziu a concentração e produção de proteína. As dietas com óleo de soja mostraram maior eficiência bruta e menor eficiência energética, indicando que a energia da produção de leite foi direcionada ao ganho de peso. Resumo em inglês Sixteen 7/8 Holstein-Zebu multiparous cows averaging 30 DIM were used in a complete randomized block design with a 2 x 2 factorial arrangement to study the effects of supplementing monensin and/or soybean oil on production of early lactating dairy cows. The experimental period lasted 84 days and was divided in three phases as follows: I - 5th to 8th, II - 9th to 12th, and III - 13th to 16th week of lactation. The following treatments were used: control diet without monens (mais) in and soybean oil (CT); diet with 33 ppm of monensin with no soybean oil (MN); diet with 3.9% of the dry matter (DM) as soybean oil with no monensin (OL); or diet with a combination of soybean oil and monensin (OM). Cows were fed twice a day a diet containing 52% of corn silage and 48% of concentrate on DM basis. Although energy intake did not differ across treatments, DMI was reduced on cows fed diets supplemented with soybean oil. Despite similar milk yield among treatments, cows fed diets not supplemented with soybean oil increased both DMI and milk production as lactation advanced while no changes were observed for those fed diets containing soybean oil. Feeding soybean oil to early lactating dairy cows reduced corrected milk yield whereas content of milk fat decreased when either monensin or soybean oil was added to the diet; milk fat content was reduced in phases II and III of lactation on diets with supplemental fat while the opposite was observed on diets with no fat inclusion. Feeding monensin increased milk protein content but milk protein content and yield were both reduced by feeding soybean oil to dairy cows. Diets supplemented with soybean oil had greater feed efficiency but their lower energetic efficiency suggested that energy was switched from milk yield to weight gain in the current trial.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

64

Estimativa do Consumo Voluntário do Capim-Tanzânia (Panicum maximum, Jacq. cv. Tanzânia) por Vacas em Lactação sob Pastejo Rotacionado/ Estimation of Voluntary Intake of Tanzania Grass (Panicum maximum, Jacq. cv. Tanzânia) Rotationally Grazed by Lactating Cows

Lima, Maria Lúcia Pereira; Berchielli, Telma Teresinha; Nogueira, José Ramos; Ruggieri, Ana Cláudia; Aroeira, Luiz Januário Magalhães; Salman, Ana Karina Dias; Soares, João Paulo Guimarães
2001-12-01

Resumo em português O estudo foi conduzido numa área de capim-Tanzânia (Panicum maximum), manejada em pastejo rotacionado para estimar o consumo de matéria seca de vacas em lactação. Os três tratamentos foram: vacas mestiças alimentadas com 3 kg de concentrado e vacas mestiças e Zebu (Gir) sem suplementação com concentrado. Observou-se uma quantidade de 7340,2 kg de matéria seca (MS) /ha de forragem disponível antes da ocupação e de 5.639,5 após o 3° dia de ocupação. O c (mais) onsumo de MS de capim-Tanzânia foi 8,26 ± 5,66, 11,01 ± 5,37 e 9,55 ± 2,31 kg de MS/vaca/dia ou 2,15%, 2,37% e 2,34% do peso vivo, respectivamente para as vacas suplementadas, cruzadas não suplementadas e vacas Zebu . A média da produção de leite foi maior para o grupo suplementado (11,98 kg/vaca/dia). A produção de leite observada para as vacas não suplementadas foi similar. Produção de leite de 6,53 foi obtida pelas vacas cruzadas não suplementadas e 5,46 por vaca/dia foi produzida pelas vacas Zebu. Resumo em inglês The trial was carried out in a Tanzania grass (Panicum maximum) pasture, rotationally grazed by lactating cows, to estimate the dry matter intake. Three treatments were tested: crossbred cows fed 3 kg per day of concentrate and crossbred and Zebu cows (Gyr) without concentrate supplementation. The forage availability was 7,340.2 kg of dry matter (DM) /ha before and 5,639.5 after the 3rd grazing day. The Tanzania grass DM intake was 8.26 ± 5.66, 11.01 ± 5.37 and 9.55 ± (mais) 2.31 kg of DM/cow/day per day or 2.15, 2.37 and 2.34% of live weight, respectively, for the supplemented crossbred cows and non supplemented crossbred and Zebu cows. The average milk production was higher for the supplemented group (11.98 kg/cow/day). The milk production observed by the non supplemented cows was similar. Milk yield of 6.53 was obtained for non supplemented crossbred cows and 5.46 kg per cow/day was performed for the Zebu cows.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

65

Influência de um ordenhador aversivo sobre a produção leiteira de vacas da raça Holandesa/ An aversive milker causes fear, but does not influence milk yield of Holstein cows

Hötzel, Maria José; Machado Filho, Luiz Carlos Pinheiro; Yunes, Maria Cristina; Silveira, Marcela Cristina A. C. da
2005-08-01

Resumo em português Neste estudo, foi testada a hipótese de que o medo de seres humanos é duradouro e pode prejudicar a produção leiteira de vacas da raça Holandesa. Um tratador aversivo realizou duas sessões diárias de um tratamento hostil (duas palmadas na região posterior e um grito forte), durante 21 dias, e um tratador neutro ordenhou as vacas, durante o mesmo período, não oferecendo nenhuma ameaça. A distância de fuga na presença do tratador aversivo e do neutro foi medida (mais) antes e 14 e 180 dias após o início do tratamento. As produções total e residual de leite (após aplicação i.v. de ocitocina na veia caudal) foram medidas a partir da ordenha realizada pelo tratador aversivo ou ou pelo neutro, entre os dias 14 e 24 do experimento. Todas as vacas (n=13) participaram dos dois tratamentos, constituindo um delineamento experimental do tipo "cross-over". Com exceção do período anterior ao experimento, as vacas mantiveram maior distância de fuga do tratador aversivo que do neutro, mesmo 180 dias após o último contato com os tratadores. Entretanto, não houve efeito do tratamento sobre a produção total ou residual de leite. Os resultados corroboram outros estudos que comprovaram que vacas discriminam tratadores aversivos de neutros. Entretanto, o tratamento aqui aplicado não afetou as produções total ou residual de leite. Resumo em inglês In the present study the hypothesis that fear of humans is long-lasting and may influence milk production in Holstein cows was tested. One person (the aversive handler) carried out two daily sessions of an aversive treatment during 21 days, where each cow received two slaps on the rump and a strong yell. The control handler walked around the cows not menacing the cows. Flight distance from both handlers was measured before the treatments were imposed and 14 and 180 days l (mais) ater. Total and residual milk (measured after an i.v. oxytocin injection in the caudal vein) were measured when either the aversive or the neutral handler carried out the milking, between days 14 and 24 of the experiment. All the cows were used in both treatments in a cross-over design. Except for the day before treatments started, the cows kept a larger distance from the aversive than from the neutral handler, even after 180 days without contact with these handlers. Nevertheless, there was no effect of treatment on total milk yield or residual milk. The results corroborate others that show that cows can discriminate between aversive and neutral individuals. Under the conditions of the present study, the fact that milking was done by the aversive individual did not influence total milk yield and residual milk.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

66

Morfometria e distribuição de leite alveolar e cisternal na glândula mamária de vacas Holandesa e Girolanda/ Morphometry and cisternal and alveolar milk distribution in mammary gland of Holstein and Girolanda cows

Porcionato, M.A.F.; Negrão, J.A.; Paiva, F.A.
2009-04-01

Resumo em português Estudaram-se a distribuição do leite nas porções alveolar e cisternal e a morfometria da glândula mamária de 14 vacas, sete da raça Holandesa, grupo H, e sete da Girolanda, grupo G, com ordem e dias de lactação semelhantes, ordenhadas duas vezes ao dia. A produção de leite foi mensurada diariamente, enquanto as frações de leite cisternal e alveolar foram medidas uma vez por semana. Durante o experimento, também foram realizadas medidas de ultrassonografia e (mais) morfometria da glândula mamária. As vacas Girolandas apresentaram úberes e tetos maiores que as vacas Holandesas. Diâmetro, espessura da parede e comprimento do canal do teto, medidos por imagens de ultrassom, também foram maiores nas Girolandas, mas a área de cisterna da glândula mamária foi maior nas Holandesas. Não houve diferença na produção de leite e nas frações de leite cisternal e alveolar entre as raças. Resumo em inglês The milk distribution in alveolar and cisternal portions and the mammary gland morphometry were studied using 14 cows, being seven Holstein and seven Girolanda, with same parity and days in lactation, and milked twice a day. Milk yield was measured everyday, whereas alveolar and cisternal fractions were determined once a week. During the experiment, ultrasound scan measurements and morphometrical measures of the mammary gland were also performed. Girolanda cows had udder (mais) and teats larger than Holstein cows. Diameter, wall thickness, and length of the teat channel measured from ultrasound images were higher in Girolanda group, but cisternal area of the mammary gland was larger in Holstein cows. No differences in milk yield and cisternal and alveolar milk fractions between the studied breeds were observed.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

67

Comparação entre as administrações tópica e sistêmica de oxitetraciclina no tratamento de vacas com dermatite digital papilomatosa/ Efficacy of topical and systemic treatments with oxytetracycline for papillomatous digital dermatitis in cows

Loureiro, M.G.; Rodrigues, C.A.; Nascimento, E.S.; Esteban, C.; Perri, S.H.; Anhesini, C.R.
2010-02-01

Resumo em português Comparou-se a eficiência dos tratamentos tópico e sistêmico com oxitetraciclina em vacas com dermatite digital papilomatosa (DDP) e determinaram-se a presença de resíduos desse antimicrobiano no leite e sua concentração no líquido sinovial e no plasma. Utilizaram-se o tratamento tópico com oxitetraciclina em pó (grupo 1) e o sistêmico de longa ação (grupo 2) em 16 vacas holandesas em lactação, acometidas por DDP. Obtiveram-se amostras de plasma, líquido si (mais) novial e leite nos momentos: M0, antes dos tratamentos; M1, seis horas após o tratamento e em intervalos de 12 horas até M23 (264 horas pós-tratamentos). Avaliaram-se o grau de claudicação, a extensão da lesão e a concentração da oxitetraciclina pela cromatografia líquida de alta eficiência. Nas vacas do grupo 1, ocorreu redução das lesões e da claudicação, quando comparadas com as do grupo 2. Nenhuma das amostras de leite, de líquido sinovial e de plasma nos animais do grupo 1 foi positiva para oxitetraciclina. As amostras de leite dos animais do grupo 2, entre M1 e M23, apresentaram valores acima do limite máximo residual permitido para esse antimicrobiano. O tratamento tópico foi eficiente no tratamento de DDP, sem produzir resíduos no leite ou concentrações no plasma e no líquido sinovial. O tratamento sistêmico foi ineficiente para DDP, resultando em resíduos no leite, durante a avaliação. Resumo em inglês The efficacy of topical versus systemic treatment with oxytetracycline for papillomatous digital dermatitis (PDD) in dairy cows was compared. Antimicrobial residues in milk and their concentrations in synovial fluid and plasma were analysed. Sixteen lactating Holstein cows with PDD lesions were topically treated with oxytetracycline powder (group 1) or long-acting oxytetracycline (group 2). Plasma, synovial fluid, and milk samples were collected in the following moments: (mais) M0 (before treatments); at six hours after treatments (M1), and at 12-hour intervals until 264 hours after treatments (M23). Lameness score and lesion size were evaluated. Analysis of oxytetracycline concentration was performed by high-performance liquid chromatography (HPLC). Cows in group 1 showed reduced lesion size and lameness score when compared to cows in group 2. None of the plasma, synovial fluid, or milk samples collected from cows in group 1 were positive to oxytetracycline. However, violative antimicrobial residues were detected in milk samples collected from cows in group 2, from M1 until M23. Topical application of oxytetracycline powder was an efficient treatment for PDD with no risk of violative antimicrobial residues in milk or increases its concentration in plasma or synovial fluid. The systemic administration of oxytetracycline was inefficient to treat PDD and caused violative residues in milk.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

68

Heterogeneidade de (Co)variância para as produções de leite e de gordura entre vacas puras e mestiças da raça Gir/ Heterogeneity of (Co)variance for milk and fat yields between purebred and crossbred Gir cows

Costa, Claudio Napolis; Martinez, Mário Luiz; Verneque, Rui da Silva; Teodoro, Roberto Luiz; Ledic, Ivan Luz
2004-06-01

Resumo em português Registros de produção de leite e de gordura de 5086 vacas puras e mestiças da raça Gir de rebanhos de diferentes Estados do Brasil, ajustados para idade adulta, rebanho, ano e estação de parto, foram utilizados para estimar componentes de (co)variância por análises bicaráter e multicaráter com modelo animal pelo método REML. O modelo multicárater para a predição de valores genéticos (VG) para as produções de leite (PL) e de gordura (PG) de vacas puras e m (mais) estiças foi comparado com o modelo bicárater (leite e gordura) como alternativa para o ajuste da heterogeneidade de variância da PL (características distintas) entre grupos genéticos (vacas puras e mestiças). As estimativas dos componentes de (co)variância para as produções de leite e de gordura foram heterogêneas entre vacas puras e mestiças. As variâncias genéticas aditivas para leite (115.536,4 kg²) e para gordura (214,8 kg²) de vacas puras foram o triplo das estimadas para leite (39.080,4 kg²) e para gordura (60,8 kg²) em vacas mestiças. As correlações genéticas entre as produções de leite e de gordura variaram de 0,73 a 0,99 e foram maiores para as produções de leite (0,86) do que para as produções de gordura (0,76) entre vacas puras e mestiças. As herdabilidades (h²) das produções de leite e de gordura foram respectivamente maiores nas vacas puras (0,23 e 0,20) do que nas vacas mestiças (0,08 e 0,07). As estimativas de correlação genética (r g) entre as produções de leite e de gordura foram 0,95 e 0,99, respectivamente para as vacas puras e mestiças. A estimativa de covariância genética entre as produções de leite e de gordura de vacas puras (4.742,9 kg²) foi o triplo da obtida para vacas mestiças. As estimativas dos componentes de variância genética para as produções de leite (99.104,92 kg², h² = 0,20) e de gordura (181,21 kg², h² = 0,18) do modelo bicaráter corresponderam, respectivamente, a 85,9 e 84,4% dos valores obtidos em vacas puras da raça Gir com o modelo multicaráter. A estimativa de covariância genética foi 4.071,14 kg², com r g igual a 0,96 entre as produções de leite e de gordura. As correlações de ordem entre os VG para PL de animais Gir e VG para PL e PG de animais mestiços estimados com o modelo multicaráter e os VG para PL e PG obtidos com o modelo bicaráter foram superiores a 0,96. Alterações observadas na ordem de classificação de touros e vacas indicam maior precisão na seleção e maior potencial de progresso genético com a utilização do modelo multicaráter nas avaliações genéticas. Resumo em inglês First lactation milk and fat yields of 5086 purebred and crossbred Gir cows were used to estimate genetic components of (co)variance using multivariate and bivariate animal models solved by a REML derivative-free algorithm. Both models were used to predict breeding values (EBV) for milk (MY) and fat (FY) yields of purebred and crossbred Gir cows. In the multivariate model it was assumed yields from each genetic group as different traits to account for heterogeneous phenot (mais) ypic variance for milk yield. This model was compared to a bivariate model assuming homogeneous genetic expression between genetic groups (purebred and crossbred cows). Additive genetic and residual variances were heterogeneous for genetic groups. Genetic variances for milk (115,536.4 kg²) and fat (214.8 kg²) of purebred Gir cows were approximately three folds larger than estimates for milk (39,080.4 kg²) and fat (60.8 kg²) of crossbred cows. Genetic correlations ranged from 0.73 to 0.99 between milk and fat yields and were larger for milk yields (0.86) than for fat yields (0.76) between different genetic groups. Heritability (h²) for milk and fat yields were larger in purebred (0.23 and 0.20 respectively) than in crossbred cows (0.08 and 0.07 respectively). Genetic correlation between milk and fat yields were 0.95 and 0.99 for purebred and crossbred Gir cows respectively. Genetic variances for milk (99,104.92 kg², h² = 0.20) and fat (181.21 kg², h² = 0.18) estimated from the bivariate model were respectively 85.9% and 84.4% of the corresponding estimates for purebred Gir cows from the mutivariate model. Genetic covariance and correlation between milk and fat yields estimated from the bivariate model were respectively 4,071.14 kg² and 0.96. Rank correlation estimates were larger than 0.96 between EBV for MY of Gir cows and EBV for MY and FY of crossbred cows and EBV for MY and FY from the bivariate model. Changes in ranking of sires and cows suggest higher selection accuracy and greater potential of genetic progress by application of a multiple trait animal model for genetic evaluations.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

69

Efeitos da administração de monensina por meio de cápsulas de liberação controlada no desempenho de vacas Holandesas no início da lactação/ Effects of administration controlled released monensin capsules on performance of Holstein cows in the beginning of lactation

Conti, Renata Maria Consentino; Salles, Márcia Saladini Vieira; Schalch, Edison
2008-05-01

Resumo em português Com o objetivo de estudar o efeito da monensina sobre a produção e composição de leite, a contagem de células somáticas, a condição corporal e os parâmetros sangüíneos e reprodutivos de vacas da raça Holandesa de alta produção no início de lactação, foram utilizadas 44 vacas com produção diária de 33,44 ± 4,93 litros de leite, em delineamento inteiramente casualizado, com dois tratamentos: um controle (C) e outro com cápsulas de liberação con (mais) trolada de monensina com eficácia de 100 dias (300 mg/vaca/dia). A administração individual de monensina foi realizada 30 dias antes da data provável do parto. A monensina não alterou a produção, a composição do leite e a contagem de células somáticas do leite nem a condição corporal e a concentração de glicose e BHBA (beta-hidroxibutirato) no soro das vacas, no entanto, diminuiu a concentração de AGNE (ácidos graxos não-esterificados) no soro das vacas com 60 dias de lactação. O período de serviço e o número de serviços por concepção não diferiram entre os tratamentos, porém, a administração de monensina diminuiu o número de animais que apresentaram retenção de placenta e laminite. A administração de monensina para vacas Holandesas de alta produção no início de lactação não modifica a produção e a composição do leite, contudo, diminui a concentração de AGNE 60 dias após o parto e a incidência de laminite e retenção de placenta nas vacas no pós-parto. Resumo em inglês The objective was to study the effect of the monensin on milk yield and milk composition, somatic cell count, body condition score, serum parameters and reproductive aspects high producing Holstein cows in early lactation. Fourty-four cows with daily milk yield of the 33.44 ± 4.93 liter of milk were assigned to a completely randomized design with two treatments: control (C) and other with controlled released monesin capsule with eficacy of 100 days (300 mg/cow/day) (mais) . The individual administration of the monensin capsule was made 30 day before the probable calving time. Monensin did not affect the milk yield and milk composition, somatic cell count, body condition score and glucose and BHBA (beta-hidroxibutirate) concentration in the cow blood serum. However, decreased concentration of NEFA (Non esterified fatty acid) in blood serum of cow with 60 days in milk. Service period and number of services per conception was not affected by treatments, however, the administration monensin decreased the number of the cows that showed retained placenta and laminitis. The administration monensin for high producing Holstein cows in early lactation did not change the milk production and composition. However, decrease the concentration of NEFA 60 days post calving and the incidence of laminitis and retained placenta in the post calving cows.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

70

Antibioticoterapia para controle da mastite subclínica de vacas em lactação/ Antibiotic therapy for subclinical mastitis control of lactating cows

Reis, S.R.; Silva, N.; Brescia, M.V.
2003-12-01

Resumo em português Avaliou-se a eficiência da antibioticoterapia como estratégia para o controle de mastite subclínica em animais em lactação. Foram tratados 83 tetos infectados de 31 animais de três propriedades leiteiras, divididos em dois estádios da lactação:15 a 100 dias (grupo I) e 101 a 200 dias (grupo II), com aplicação intramamária de 250mg de cefacetril sódico (cefalotina). A droga permaneceu 24 horas dentro dos quartos do úbere dos animais tratados. Vinte e oito tet (mais) os de 14 animais infectados foram mantidos como controle, sem tratamento. Os grupos tratados e controle foram avaliados nos dias zero, 14, 25 e 40 após o tratamento por meio de provas de California Mastitis Test (CMT), contagem de células somáticas (CCS), isolamento e identificação de patógenos e produção leite. Staphylococcus aureus e Staphylococcus coagulase-negativo foram os microrganismos mais isolados (43,1%), seguidos por Bacillus spp, Corynebacterium bovis, Streptococcus uberis e Escherichia coli. Quatorze dias após o tratamento houve redução de 61,4% das infecções intramamárias e acentuada diminuição da CCS e de reações positivas ao CMT nos animais tratados, nos dois estádios da lactação. Entre os dias 25 e 40 após tratamento as diferenças não foram significativas (P> 0,05). Ocorreram recidivas ou reinfecções nos tetos tratados. O aumento de produção de leite não foi significativo entre os animais tratados (P> 0,05). A antibioticoterapia durante a lactação não foi efetiva para o controle das mastites subclínicas, mesmo em animais que apresentaram alta contagem de células somáticas. Resumo em inglês The efficiency of antibiotic therapy to control subclinical mastitis in lactating cows was evaluated. Eighty three udder quarters with subclinical mastitis from three dairy herds were treated with 250mg of cephalothin by intramammary doses. Group 1 included 16 cows in lactation, 15 to 100 days in milk and group 2 included 23 cows in lactation, 101 to 200 days in milk. Therapeutic success was controlled with bacteriological examinations, somatic cells counts (SCC), Califor (mais) nia Mastitis Test (CMT) and milk production on days zero, 14, 25 and 40 after treatment. Fourteen cows with 28 infected udder quarters were maintained as a control. Staphylococcus aureus and coagulase-negative Staphylococci were the most prevalent microorganism among bacterial isolates. Other pathogens as Bacillus spp, Corynebacterium bovis, Streptococcus uberis and Escherichia coli were present. Concerning bacteriological healing the intramammary therapy reached a 61.4% elimination rate of pathogenic bacteria at the 14th day post treatment. SCC and CMT reactions were decreased too. However, 40 days post-treatment the differences were not significant (P> 0.05). No differences among treated groups before and after intramammary treatment (P> 0.05) on milk production were observed. Antibiotic treatment of lactating cows with subclinical mastitis was not efficient for controlling the udder infections.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

71

Inseminação artificial em tempo fixo e diagnóstico precoce de gestação em vacas leiteiras mestiças/ Timed artificial insemination and early pregnancy diagnosis in crossbred dairy cows

Barbosa, Cláudio França; Jacomini, José Octavio; Diniz, Elmo Gomes; Santos, Ricarda Maria dos; Tavares, Marcelo
2011-01-01

Resumo em português Avaliou-se, durante um ano, o desempenho reprodutivo de 94 vacas leiteiras mestiças Bos taurus x Bos indicus submetidas a um programa de reprodução assistida. Um protocolo de inseminação artificial em tempo fixo (IATF) foi executado por meio de dispositivo intravaginal contendo progesterona e das injeções de prostaglandina F2α e de cipionato de estradiol. Por meio de ultrassonografia, entre 7 e 14 dias após as inseminações ou montas controladas, realizou-se (mais) a detecção de corpo lúteo nos ovários a fim de determinar a taxa de ovulação e, no 28º dia, fez-se o diagnóstico de gestação para cálculo da taxa de concepção. Respeitou-se um período mínimo de 34 dias após o parto antes do tratamento. Não houve influência do escore de condição corporal e da presença de corpo lúteo no início do protocolo, nem da reutilização do dispositivo intravaginal e da monta controlada ou inseminação artificial, sobre as taxas de ovulação, concepção e concepção das vacas ovuladas. As taxas de concepção e de concepção das vacas ovuladas foram afetadas negativamente pelo elevado número de dias pós-parto (DPP), ou dias em lactação e pela época quente do ano, primavera/verão. A resposta ao protocolo de inseminação artificial em tempo fixo baseado no uso de progesterona, PGF2α e cipionato de estradiol é prejudicada pelo aumento dos dias em lactação e pela época quente do ano. A condição corporal não afeta a resposta ao protocolo de inseminação artificial, desde que as vacas tratadas apresentem escore acima de 2,25 pontos. Resumo em inglês It was evaluated, during a period of one year, the reproductive performance of 94 Bos taurus x Bos indicus crossbred dairy cows submitted to an assisted reproduction program. A timed artificial insemination (TAI) protocol was carried out by using an intra-vaginal progesterone device containing progesterone and through injections with Prostaglandin F2α and estradiol cypionate. By using ultrasound, from 7 to 14 days after inseminations or controlled mattings, detection (mais) of corpus luteum in the ovaries was done to determine ovulation rate and, on the 28th day, diagnosis of pregnancy was carried out for calculation of conception rate. Treatment only started after a 34-day post-partum minimal period. Body condition score, presence of corpus luteum in the beginning of the protocol, reutilization of intra-vaginal device and controlled mating or artificial insemination did not influence rates of ovulation, conception and conception of ovulated cows. Rates of conception and rates of conception of ovulated cows were negatively affected by the higher number of days post partum (DPP), or days in milk and by the warmer seasons of the year, spring/summer. Response to protocol of timed artificial insemination based on the use of progesterone, PGF2α and estradiol cypionate is negatively affected by lactation days and by the warm season of the year. Body condition does not affect the response to protocol of artificial insemination provided that treated cows show body condition scores higher than 2.5 points.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

72

Remoção temporária de bezerros em dois momentos do protocolo de sincronização da ovulação GnRH-PGF2α-BE em vacas Nelore pós-parto/ Temporary weaning of calves at two different times of the GnRH-PGF2α-EB synchronization protocol for ovulation in post-partum Nelore cows

Vasconcelos, J.L.M.; Vilela, E.R.; Sá Filho, O.G.
2009-02-01

Resumo em português Os efeitos da remoção temporária de bezerros (RB) sobre características foliculares e taxas de ovulação e de prenhez de vacas Nelore foram avaliados em dois experimentos quando da inseminação artificial em tempo fixo (IATF), utilizando-se um protocolo à base de GnRH-PGF2α-BE. No experimento 1, 139 vacas Nelore, lactantes, cíclicas ou acíclicas, receberam um protocolo hormonal envolvendo a aplicação de 100±g de análogo GnRH no dia zero (D0-GnRH), 25mg d (mais) e PGF2α no dia 7 (D7-PGF2α) e 1,0mg de benzoato de estradiol no dia 8 (D8-BE). Os animais foram aleatoriamente distribuídos para serem submetidas ou não à RB (48 horas) antes da aplicação de GnRH (RB1) ou após a aplicação de PGF2α (RB2). Avaliaram-se o diâmetro folicular (DF) nos dias 0 (D0) e 9 (D9) do protocolo e as taxas de ovulação (T0), advindas dos tratamentos. As vacas acíclicas que receberam RB1 apresentaram maiores DF no D0 (P Resumo em inglês The effects of temporary weaning (TW) on follicular characteristics and ovulation and pregnancy rates were evaluated in Nelore cows submitted to a fixed-time artificial insemination (TAI) protocol using GnRH-PGF2α-EB. In Experiment 1, 139 cycling or non-cycling suckling Nelore cows received a hormonal protocol based on administration of 100±g of GnRH analog on day zero (D0-GnRH), 25mg of PGF2α on day seven (D7-PGF2α) and 1.0mg of estradiol benzoate on day (mais) eight (D8-BE). Cows were randomly assigned to receive or not TW (48 hours) before GnRH (TW1) or after PGF2α (TW2). Follicular diameter (FD) on days zero (D0) and nine (D9) of the protocol and ovulation rates were evaluated. Noncycling cows that received TW1 had larger FD on D0 (P

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

73

Efeito de duas cargas animais em campo nativo e de duas idades à desmama no desempenho de vacas de corte primíparas/ Effect of two stocking rates on natural pasture and two weaning ages on primiparous beef cows performance

Fagundes, José Inácio Braccini; Lobato, José Fernando Piva; Schenkel, Flávio Schramm
2003-12-01

Resumo em português A investigação foi realizada para avaliar os efeitos de duas cargas animais (CA280= 280 kg PV/ha e CA360= 360 kg PV/ha) e de duas idades de desmama dos bezerros (DC = Desmama convencional aos sete meses de idade e DP= Desmama precoce aos três/quatro meses) no comportamento reprodutivo de vacas de corte primíparas de duas composições raciais (½ Nelore ½ Hereford e ¼ Nelore ¾ Hereford). Foram avaliados os ganhos de peso médios diários (GM (mais) D) do pós-parto à data da desmama convencional, durante o acasalamento, da desmama precoce à desmama convencional (GPC), a condição corporal (CC) ao início do acasalamento, ao final do acasalamento e na data da desmama convencional, a taxa de prenhez (TP) e o intervalo de partos (IEP). As vacas conduzidas na CA280 tiveram significativamente maiores GMD do que vacas na CA360 nos três períodos estudados. Vacas submetidas ao tratamento de desmama precoce tiveram GPC maiores que vacas submetidas à desmama convencional (0,539 vs. 0,257 kg/dia, respectivamente). Vacas da CA280 tiveram significativamente maiores condições corporais do início do acasalamento à data da desmama convencional do que vacas da CA360, sendo que vacas submetidas à desmama precoce apresentaram condição corporal na data da desmama convencional superior àquela das vacas da desmama convencional sob ambas cargas animais (4,33 vs. 3,68 para CA280 e 3,14 vs. 2,92 para CA360). A composição racial das vacas não influenciou significativamente o GMD e a condição corporal das vacas no período experimental. A TP da CA280 (67,56%) foi significativamente superior à da CA360 (22,56%), bem como o seu IEP foi significativamente inferior ao da CA360 (395,4 vs. 409,9 dias). Portanto, a carga animal menor permitiu que as vacas apresentassem maiores recuperações de peso e condição corporal no pós-parto, determinando melhores taxas de reconcepção e menores intervalos de partos. Resumo em inglês The investigation was carried out to evaluate the effects of two stocking rates (CA280= 280 kg LW/ha and CA=360= 360 kg LW/ha) and two weaning ages of calves (DC = Conventional weaning at seven months of age and DP= Early weaning at three/four months of age) on reproductive performance of primiparous beef cows of two breed compositions (½ Nelore ½ Hereford and ¼ Nelore ¾ Hereford). Average daily weight gain (GMD) from calving to DC, during the (mais) mating period, and in the period from DP to DC (GPC), the body condition score (CC) at beginning and at the end of mating period and at DC, the pregnancy rate (TP), and the calving interval (IEP) of the cows were evaluated. Cows managed under CA280 had significantly higher GMD than cows under CA360 in all three periods considered. Cows submitted to DP had higher GPC (P

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

74

Influência da presença do bezerro no momento da ordenha sobre o desempenho reprodutivo de vacas mestiças Holandês-Zebu/ Effect of calf presence during milking on reproductive performance of Holstein x Zebu crossbred cows

Ruas, J.R.M.; Brandão, F.Z.; Borges, L.E.; Silva Filho, J.M.; Amaral, R.; Borges, A.M.; Marcatti Neto, A.; Carvalho, B.C.
2006-08-01

Resumo em português Avaliou-se a influência da presença do bezerro no momento da ordenha sobre os parâmetros reprodutivos de 75 vacas primíparas e multíparas mestiças Holandês-Zebu, divididas em três grupos experimentais: GI - vacas ordenhadas sem a presença do bezerro; GII - vacas ordenhadas com a presença momentânea dos bezerros, sendo estes retirados da sala de ordenha logo após a descida do leite; e GIII - vacas ordenhadas com a presença constante dos bezerros, sendo estes a (mais) marrados ao lado da vaca durante toda a ordenha. O escore médio da condição corporal ao parto foi de 3,1. O período de serviço, dias para o retorno ao cio e as taxas de manifestação de cio e gestação até os 120 dias pós-parto não foram influenciados (P>0,05) pelo tipo de manejo de ordenha. Resumo em inglês This study was carried out to evaluate the effect of calf presence in the milking parlour on the reproductive performance of seventy five crossbred (Holstein × Zebu) cows randomly allocated into three groups: group I - cows milked without the calf presence; group II - cows mantained with their calves during short period of time before milking to promote milk ejection and thereafter the calves were put out the milking room until the cows had finished milking; and group II (mais) I - cows mantained with the calf during milking. The average body condition score at calving was 3.1. The service period, number of days to return to estrous and estrous and pregnant rates until 120 day postpartum were not influenced (P>0.05) by milking management of cows. The calf presence in the milking parlour did not influence the reproductive performance of Holandês-Zebu crossbred cows.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

75

Mês de parição, condição corporal e resposta ao protocolo de inseminação artificial em tempo fixo em vacas de corte primíparas/ Calving date, body condition score, and response to a timed artificial insemination protocol in first-calving beef cows

Meneghetti, M.; Vasconcelos, J.L.M.
2008-08-01

Resumo em português No experimento I, foi avaliada a alteração da condição corporal (CC) pré e pós-parto em 155 novilhas inseminadas para parir de setembro a dezembro. A CC foi avaliada mensalmente no pré e pós-parto, de junho a fevereiro. No experimento II, 538 vacas primíparas foram sincronizadas com o protocolo de inseminação artificial em tempo fixo (IATF) que usou estradiol junto ao dispositivo intravaginal de progesterona (CIDR®). As taxas de ciclicidade, sincronização e (mais) concepção foram avaliadas por ultra-som. No experimento I, os animais que pariram primeiro tiveram maior (P Resumo em inglês In experiment I, it was evaluated the body condition score (BCS) change during pre and post-partum in 155 heifers, inseminated to calve from September to December. The BCS was monthly evaluated from June to February, during the pre and post-partum periods. In experiment II, 538 primiparous cows were synchronized with a timed artificial insemination (TAI) protocol which used estradiol associated with an intravaginal progesterone device (CIDR®). The cyclicity, synchronizat (mais) ion, and conception rates were evaluated by ultrasound. In experiment I, the animals that calved earlier had higher (P

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

76

Degradabilidade do capim-elefante (Pennisetum purpureum, Schum.) e da cana-de-açúcar (Saccharum officinarum, L.) mais uréia no rúmen de vacas mestiças Holandês × Zebu em lactação/ Rumen degradability of elephantgrass (Pennisetum purpureum, Schum.) and sugarcane (Saccharum officinarum, L.) plus urea in crossbred lactating cows

Lopes, F.C.F.; Aroeira, L.J.M.
1999-08-01

Resumo em inglês Elephantgrass shows a high stocking rate only during the rainy season. Forage production is drastically reduced in the dry season. One of the alternatives to minimize this problem is the supplementation with sugarcane plus urea. In this trial the main goal was to estimate the dry matter intake (DMI) of elephantgrass, chopped sugarcane plus 1% urea and their degradability in three lactating (11.6kg/milk/day) rumen fistulated crossbred cows (472kg/L.W.) grazing elephantgras (mais) s during the dry season. The cows had access during three consecutive night to the paddocks grazed every 30 days in a stocking rate, of 4.5 cows/hectare. Between the two milking times, cows received chopped sugarcane plus 1% urea. The DMI was on average 1.01%/L.W. for the elephantgrass and 0.88%/L.W. for the sugarcane plus 1% urea. Total DMI, taking into account both roughage and concentrate (2kg/cow/day) was 2.25%/L.W. The effective rumen degradability (ED), considering the rate of passage in the rumen of 5%/hour was 44.46% for elephantgrass and 41.94% for sugarcane plus 1% urea, DM. The elephantgrass ED crude protein was 48.58% and its neutral detergent fiber 33.82%. During the dry season lactating crossbred cows grazing elephantgrass have to receive a roughage supplement and concentrate to produce around to 12kg of milk per day.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

77

Efeitos do livre acesso de bezerros ao creep-feeding sobre os esempenhos produtivo e reprodutivo de vacas primíparas/ Effects of free access of beef calves to creep-feeding on productivity and reproductive performance of primiparous cows

Souza, Alexandre Nunes Motta de; Lobato, José Fernando Piva; Neumann, Mikael
2007-12-01

Resumo em português Os efeitos do livre acesso ao creep-feeding sobre os desempenhos produtivo e reprodutivo de vacas primíparas mantidas em pastagem nativa melhorada de azevém (Lolium multiflorum Lam.), trevo branco (Trifolium repens Lam.) e cornichão (Lotus corniculatus Lam. cv. São Gabriel) foram avaliados nesta pesquisa. O delineamento experimental foi o inteiramente casualizado composto por quatro tratamentos segundo esquema fatorial 2 x 2 (dois sexos: vacas amamentando bezerros ou (mais) bezerras; dois sistemas de alimentação: vacas amamentando bezerros (as) com ou sem acesso a creep-feeding), totalizando 16 unidades experimentais. As vacas primíparas do sistema com creep-feeding apresentaram peso corporal e escore de condição corporal, no final do experimento, mais altos que as do sistema sem creep-feeding (412 kg e 3,94 vs. 399 kg e 3,77, respectivamente). Vacas do sistema com creep-feeding tiveram ganho de peso médio diário mais elevados que o de vacas com bezerros não-suplementados (0,549 vs. 0,449 kg/dia). O creep-feeding e o sexo dos animais não influenciaram a taxa de prenhez das vacas primíparas. Resumo em inglês The research evaluated the effects of the creep-feeding on the productive and reproductive performance of the primiparous cows, maintained on improved natural pasture with ryegrass (Lolium multiflorum Lam.), white clover (Trifolium repens Lam.) and cornichão (Lotus corniculatus Lam. cv. São Gabriel). A completely randomized experimental design composed by four treatments according to 2 x 2 factorial arrangement (two sex: cows suckling male or female calves; two systems (mais) of feeding: cows suckling male or female with or without access creep-feeding, totalizing 16 experimental units. The primiparous cows of the creep-feeding system showed body weight and corporal condition, in the end of the experiment, higher in relation to the ones without creep-feeding system (412 kg and 3.94 versus 399 kg and 3.77, respectively). Cows in the creep-feeding system showed average daily weight gain higher than the cows with calves without access to creep-feeding (0.549 vs. 0.449 kg/day). Creep-feeding and the sex of calves did not influence the pregnancy rate of primiparous cows.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

78

Grupo genético e nível nutricional pós-parto na produção e composição do leite de vacas de corte/ Genetic group and postpartum nutritional level on the milk yield and composition of beef cows

Restle, João; Pacheco, Paulo Santana; Moletta, José Luiz; Brondani, Ivan Luiz; Cerdótes, Liliane
2003-06-01

Resumo em português O objetivo deste experimento foi avaliar a produção média diária e composição percentual do leite de vacas Charolês (CH) e Nelore (NE), mantidas em pastagem nativa (PN) ou pastagem cultivada (PC) de inverno (aveia mais azevém) e de verão (capim papuã). Foram utilizadas sessenta vacas, por um período de 182 dias, amamentando bezerros puros ou mestiços, distribuídas de acordo com os tratamentos: CHPN = Vacas CH mantidas em PN; NEPN = Vacas NE mantidas em PN; CH (mais) PC = Vacas CH mantidas em PC; e NEPC = Vacas NE mantidas em PC. Vacas mantidas em PC apresentaram curva de lactação com comportamento quadrático, com média de 4,80 L/dia, enquanto que vacas mantidas em PN reduziram linearmente a produção, com média de 3,98 L/dia. A produção de leite entre vacas CH e NE apresentou similaridade (4,50 e 4,28 L/dia, respectivamente). Os grupos genéticos diferiram em todos os componentes do leite, sendo os valores médios para gordura (GOR), extrato seco total (EST), extrato seco desengordurado (ESD) e lactose (LAC) de 4,93; 13,81; 8,91; e 5,14%, respectivamente, para vacas NE e 4,35; 13,07; 8,74; e 4,94%, respectivamente, para vacas CH. Vacas adultas mantidas em PC produziram mais leite (5,61 L/dia) em relação às jovens (5,00 L/dia) e estas mais do que as velhas (3,77 L/dia). No entanto, vacas jovens apresentaram leite com maior teor de GOR e EST do que adultas (4,92 e 13,68% vs 4,51 e 13,27%, respectivamente). O grupo genético do bezerro não influenciou a produção de leite das vacas. Foi verificada interação entre grupo genético da vaca e dia de lactação para teor de GOR e EST, sendo que em vacas NE o comportamento foi quadrático para ambas características e em vacas CH o comportamento foi linear. Já os teores de ESD e LAC variaram de acordo com o dia de lactação. O uso de pastagem cultivada de inverno e de verão no período pós-parto promoveu maior produção de leite em vacas de corte Charolês e Nelore, bem como em vacas jovens e adultas, quando comparadas com vacas mantidas em pastagem nativa. Resumo em inglês The objective of this experiment was to evaluate the composition and average daily milk yield of Charolais (CH) and Nellore (NE) cows, mantained on native pasture (NP) or winter (oat plus italian rye grass) and summer (alexander grass) cultivated pasture (CP). Sixty cows nursing straightbred or crossbred calfs were used, during 182 days, according to the following treatments: CHNP = CH cows mantained on NP; NENP = NE cows mantained on NP; CHCP = CH cows mantained on CP; a (mais) nd NECP = NE cows mantained on CP. Cows mantained on CP showed lactation curve with quadratic behaviour, with mean of 4.80 L/day, while cows mantained on NP reduced linearly the production, with mean of 3.98 L/day. The milk yield between CH and NE cows showed similarity (4.50 vs 4.28 L/day). The genetic groups differed in all milk components, being the mean values for fat (FAT), total dry extract (TDE), free-fat dry extract (NDE) and lactose (LAC) of 4.93; 13.81; 8.91; and 5.14%, respectively, for NE cows; and 4.35; 13.07; 8.74; and 4.94%, respectively, for CH cows. Adult cows mantained on CP produced more milk (5.61 L/day) in relation to young cows (5.00 L/day) and these more than old cows (3.77 L/day). However, young cows showed milk with higher FAT and TDE content than adult cows (4.92 and 13.68% vs 4.51 and 13.27%, respectively). The calf genetic group didn't influence the milk yield of cows. The interaction between cow genetic group and lactation day was significant for FAT and TDE content, showing for NE cows a quadratic behaviour for both characteristics and for CH cows a linear model. The NDE and LAC varied according to lactation day. The use of winter and summer cultivated pasture during the postpartum period promoted higher milk production for Charolais and Nellore cows, as well as for young and adult cows, when compared to cows kept on native pasture.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

79

Efeitos de carga animal, pastagem melhorada e da idade de desmame no comportamento reprodutivo de vacas primíparas/ Effects of stocking rate, improved pasture and weaning age on the reproductive performance of primiparous cows

Pötter, Bernardo Augusto Albornoz; Lobato, José Fernando Piva
2004-02-01

Resumo em português Foram utilizadas 92 vacas primíparas aos três anos de idade (46 Braford - 46 Hereford), manejadas em campo nativo nas cargas animais (CA) de 240 kg/ha (T1) e 320 kg/ha (T2), de 01.09.00 a 06.03.01, ou em pastagem melhorada de azevém (Lolium multiflorum L.) na CA de 400 kg/ha (T3) por 80 dias pós-parto e, posteriormente, em CA em campo nativo igual a T2 até o desmame à idade convencional (06.03.01). A estação de acasalamento transcorreu de 23.11.00 a 15.02.01. O de (mais) smame precoce (DP) foi realizado em 46 vacas em 01.01.01. O peso ao parto (PP), ao início do acasalamento (PIA) e ao final do acasalamento (PFA), não foi influenciado pelos tratamentos. Entretanto, os tratamentos influenciaram significativamente a condição corporal ao parto (CCP), ao início do acasalamento (CIA) e ao final do acasalamento (CFA). As vacas Braford tiveram PP, PIA e PFA significativamente superiores em relação às vacas Hereford. A taxa de prenhez (TP), o intervalo de partos (IEP) e o intervalo parto-concepção (IPC) não foram influenciados pelo DP. A TP não foi influenciada pelos tratamentos (T1= 93,8%; T2= 90,6%; T3= 100%) e pelo DP (DP= 97,8%; DC= 91,3%). Contudo, aos 21 dias após o início do acasalamento, 15,6 e 17,9% das vacas do T1 e T3, respectivamente, encontravam-se prenhes, enquanto nenhuma vaca (0,0%) do T2 havia concebido. Aos 42 dias após o início do acasalamento, 46,9 e 71,4% das vacas do T1 e T3 encontravam-se prenhes, respectivamente, contra 37,5% das vacas do T2. As vacas do T3 tiveram IEP (386,8 dias) e IPC (101,8 dias) significativamente menores que as vacas do T2 (399,0 e 114,0 dias, respectivamente). O T1 teve IEP (390,9 dias) e IPC (105,9 dias) intermediários, não diferindo dos demais tratamentos. Resumo em inglês Ninety two primiparous cows at three years old (46 Braford - 46 Hereford), were assigned to stocking rates (SR) of 240 kg/ha (T1) and 320 kg/ha (T2) on natural pasture, from 09.01.00 to 03.06.01, or 400 kg/ha (T3) on improved pasture of ryegrass (Lolium multiflorum L.) during 80 days postpartum, and after, at same SR of T2 on natural pasture until the conventional weaning (CW; 03.06.01). The breeding season was from 11.23.00 until 02.15.01. Early weaning (EW) was imposed (mais) to 46 cows in 01.01.01. Live weights at calving (LWC), beginning (LWB) and at the end of the breeding season (LWE) were not affected by the treatments. Treatments affected significantly the body condition at calving (BCC), beginning (BCI) and at the end of the breeding season (BCE). The Braford cows had higher LWC, LWB and LWE than the Hereford cows. The pregnancy rate (PR), calving interval (CI) and calving-conception interval (CCI) were not affected by EW. PR was not affected by the treatments (T1= 93.8%; T2= 90.6%; T3= 100%), neither by EW (EW= 97.8%; CW= 91.3%). However, at 21 days after the beginning of the breeding season, 15.6 and 17.9% of the cows in T1 and T3, respectively, were pregnant, while none cow (0.0%) in T2 was pregnant. At 42 days after the beginning of the breeding season, 46.9 and 71.4% of the cows in T1 and T3 were pregnant, respectively, and 37.5% of the cows in T2. Cows on T3 had CI (386.8 days) and CCI (101.8 days) shorter than cows on T2 (399.0 and 114.0 days, respectively). Cows on T1 had intermediary CI (390.9 days) and CCI (105.9 days), being similar to T2 and T3.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

80

Efeito da suplementação de vitamina A sobre a incidência de mastite em vacas da raça Holandesa/ Effect of vitamin A on incidence of mastitis in Holstein cows

Paschoal, J.J.; Zanetti, M.A.
2004-04-01

Resumo em inglês This experiment was designed to evaluate the influence of prepartum vitamin A supplementation on incidence of mastitis in Holstein cows. Forty two cows were randomly distributed into blocks according to the parity and divided in two treatments: control and supplemented with 180,000IU vit.A/day. The supplementation started 30 days before probable parturition date up to parturition. The Tamis test was performed weekly for clinical mastitis detection, and milk samples were c (mais) ollected for somatic cell counts. Vitamin A treatment decreased the incidence of clinical mastitis (P

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

81

Mastite subclínica e relação da contagem de células somáticas com número de lactações, produção e composição química do leite em vacas da raça Holandesa/ Subclinical mastitis and the relationship between somatic cell count with number of lactations, production and chemical composition of the milk

Cunha, R.P.L.; Molina, L.R.; Carvalho, A.U.; Facury Filho, E.J.; Ferreira, P.M.; Gentilini, M.B.
2008-02-01

Resumo em português Verificaram-se a ocorrência de mastite subclínica em animais da raça Holandesa e a relação entre a contagem de células somáticas com a ordem de lactação e com a produção e a composição química do leite. O estudo foi realizado em propriedades integrantes do programa de controle leiteiro da Associação de Criadores de Gado Holandês de Minas Gerais. As variáveis estudadas foram: ordem de lactação, ocorrência de mastite subclínica, contagem de células so (mais) máticas (CCS), produção de leite e porcentagens de gordura e de proteína total. A correlação entre CCS e produção de leite foi negativa e entre CCS e porcentagens de gordura e de proteína, positivas. Animais com maior número de lactações apresentaram maior CCS, e com CCS acima de 100.000 cels/ml menor produção de leite. Resumo em inglês The subclinical mastitis occurrence and the relationship between somatic cell count (SCC) with parity, milk yield and milk chemical composition, were studied in Holstein cows. The study was carried out in farms belonging to the milk control program of the Associação de Criadores de Gado Holandês de Minas Gerais. Data on lactation order, subclinical mastitis, SCC, milk production, fat contents and total protein contents were analyzed. There was a negative correlation be (mais) tween SCC and milk production and, correlations between SCC and percentage of fat and protein were positive. Higher lactation order cows showed higher SCC, and cows with SCC higher than 100,000 cels/ml showed less milk production.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

82

Efeito do manejo de aleitamento nos níveis de cortisol no metabolismo e na produção de leite de vacas holandesas/ Effects of different milking management on metabolism, cortisol levels, and milk yield of Holstein cows

Paiva, Fernanda Alves de; Negrão, João Alberto; Saran Netto, Arlindo; Porcionato, Marco Aurélio de Felicio; Lima, César Gonçalves de
2006-12-01

Resumo em português Avaliou-se a influência do manejo de aleitamento nos níveis de cortisol, no metabolismo e na produção de leite de vacas leiteiras. Utilizaram-se 18 vacas holandesas e seus bezerros alocados em três tratamentos: T1: as vacas foram separadas dos bezerros 6 horas após o parto, sendo mantidas com suas crias 60 minutos por dia nos três primeiros dias; T2: as vacas foram separadas dos bezerros 6 horas após o parto; T3: as vacas foram mantidas com seus bezerros durante o (mais) s três primeiros dias de lactação, exceto no momento das ordenhas. Foram coletadas amostras de sangue 168 horas antes do parto, no dia do parto (0 hora) e 24, 48, 72 e 96 horas após o parto para a determinação de glicose, triglicerídeos, proteína total e cortisol. A produção leiteira foi mensurada duas vezes ao dia e a porcentagem de leite residual foi estimada nas duas ordenhas posteriores à desmama. As concentrações de cortisol foram maiores ao parto, contudo, não houve diferença significativa entre os tratamentos. Durante o período experimental, as vacas separadas dos bezerros apresentaram maior produção de leite, porém, após este período, não houve diferença entre os tratamentos. Após a desmama, a porcentagem de leite residual foi maior em T1 e T3, demonstrando que o uso de ordenha mecânica exclusiva após um período de amamentação prejudicou a ejeção do leite, mesmo em vacas especializadas. Os níveis de glicose foram menores em T2 às 72 horas e as concentrações de triglicerídeos foram menores em T3 às 72 e 96 horas. Os manejos estudados não influenciaram os níveis de cortisol e o metabolismo das vacas e nem prejudicaram a produção leiteira após o período colostral. Resumo em inglês The effects of different milking management on metabolism, cortisol levels, and milk yield of Holstein cows were investigated in this trial. Eighteen Holstein cows and calves were randomly assigned to one of the following three treatments: T1) cows were separated from their calves 6 h after parturition but reunited with them for two daily periods of 30 minutes each; T2) cows were separated from their calves 6 h after parturition; or T3) cows were maintained with their cal (mais) ves during the first three days of lactation except at milking times. Blood samples were collected 168 h before parturition, at parturition (0 h) and at 24, 48, 72 and 96 h after parturition and analyzed for glucose, triglycerides, total protein, and cortisol. Milk yield was measured twice a day and the percentage of residual milk was estimated based on the first two milkings after weaning. Although plasma cortisol levels were greater at parturition (0 h) compared to the remaining sampling points, no significant differences were observed among treatments. Cows on T2 yielded more milk than those on T1 and T3 during the first four days of lactation with no difference in milk production thereafter. After weaning, the percentage of residual milk was higher on T1 and T3 showing that the exclusive use of milking machine after a nursing period appeared to negatively affect milk ejection. Concentration of plasma glucose was lower at 72 h on T2 while that of triglycerides was lower at 72 and 96 h on T3. The studied managements did not influence the cortisol levels and metabolism of cows and did not prejudice the milk production after the colostral period.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

83

Efeito da composição genética e de fatores de meio sobre a produção de leite, a duração da lactação e a produção de leite por dia de intervalo de partos de vacas mestiças Holandês-Gir/ Effects of genetic composition and environmental factors on milk production, lactation length and milk production per day of calving interval in crossbred Holstein-Gyr cows

Glória, J.R.; Bergmann, J.A.G.; Reis, R.B.; Coelho, M.S.; Silva, M.A.
2006-12-01

Resumo em português Utilizou-se o método dos quadrados mínimos para avaliar os efeitos da composição genética (CG) e dos fatores de meio sobre a produção total de leite (PL), duração da lactação (DL) e produção de leite por dia de intervalo de partos (P/I) (n=2.016) de 822 vacas mestiças (1/2, 3/4 e 7/8) Holandês-Gir, criadas no oeste de Minas Gerais. O efeito da capacidade prevista de transmissão (PTA) dos touros da raça Holandesa sobre a PL de suas filhas cruzadas também (mais) foi avaliado. O efeito da CG sobre as três características foi importante fonte de variação, sendo que a PL, a DL e a P/I aumentaram com o incremento da contribuição da raça Holandesa. As médias para PL foram 3549,3±39,3kg, 4331,7±56,2kg e 4515,7±115,9kg; para DL, 306,5±1,9 dias, 328,2±2,5 dias e 337,0±4,6 dias; e para P/I, 9,0±0,1kg, 10,6±0,2kg e 11,0±0,3kg por dia, respectivamente, para vacas 1/2, 3/4 e 7/8 Holandês-Gir. Estação de parição foi importante fonte de variação da PL das vacas 3/4 e da DL de vacas 3/4 e 1/2 Holandês-Gir. Maiores PL e DL foram observadas nas lactações iniciadas no final do período chuvoso. O efeito da idade da vaca ao parto sobre a PL foi linear ascendente para vacas 1/2 e 3/4 Holandês-Gir e curvilíneo para vacas 7/8 Holandês-Gir, com produção máxima (4733,5 kg) na segunda lactação. Para DL esse efeito foi curvilíneo para vacas 1/2 e 3/4 Holandês-Gir, com mínimos de 284,7 e 309,2 dias aos 7,3 e 5,7 anos de idade, respectivamente; e linear descendente para vacas 7/8 Holandês-Gir. Já o efeito da idade da vaca sobre P/I foi linear ascendente para o conjunto 3/4 e 7/8, e curvilíneo para as 1/2 Holandês-Gir, com o máximo de 9,5kg/dia de intervalo de partos aos 6,4 anos de idade. O efeito do PTA de touros sobre a PL de suas filhas não foi diferente de zero. As estimativas de repetibilidade para PL foram 0,72, 0,69 e 0,63, respectivamente, para vacas 1/2, 3/4 e 7/8 Holandês-Gir. Resumo em inglês The effects of genetic composition (GC) and environmental factors on milk production (MP), lactation length (LL) and milk yield per day of calving intervals (P/I) (n=2,016) of 822 crossbred (1/2, 3/4 and 7/8) Holstein-Gyr cows, raised in the West of Minas Gerais State, Brazil, were evaluated using least squares methodology. The effect of predicted transmitting ability (PTA) of the Holstein sires on MP of their daughters was also evaluated. The effect of genetic compositio (mais) n on the three traits was an important source of variation. MP, LL and P/I increased with the increase of Holstein contribution. Season of calving was an important source of variation for MP of 3/4 cows and for LL of 3/4 and 1/2 cows. The highest MP and LL were observed for lactations starting at the end of the rainy season. The effect of age at calving on MP was linear for 1//2 and 3/4 cows and curvilinear for 7/8 cows. For LL the effect of age at calving was curvilinear for 1/2 and 3/4 cows and linear for 7/8 cows. On P/I was linear for 3/4 and 7/8 cows and curvilinear for 1/2 cows. The effect of PTA on MP was not different from zero. Estimated repeatability for MP were .72, .69 and .63, respectively, for the 1/2, 3/4 and 7/8 Holstein-Gyr cows.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

84

Valor alimentício das silagens de milho e de sorgo e sua influência no desempenho de vacas leiteiras/ Nutritive value of corn and sorghum silages and its influence on dairy cow performance

Nascimento, Willian Gonçalves do; Prado, Ivanor Nunes do; Jobim, Clóves Cabreira; Emile, Jean Claude; Surault, Fabien; Huyghe, Christian
2008-05-01

Resumo em português Objetivou-se avaliar os efeitos das silagens de sorgo granífero, sorgo sacarino e milho sobre a ingestão, produção e composição química do leite e a digestibilidade dos nutrientes em vacas em lactação. Foram utilizadas 24 vacas da raça Prim'Holstein (PO), divididas em três lotes de oito vacas para avaliação das seguintes silagens: silagem de milho (SM); silagem de sorgo granífero (SG); e silagem de sorgo sacarino (SS). As silagens foram fornecidas à vontade (mais) com dois concentrados comerciais, distribuídos de acordo com o nível de produção leiteira. A silagem de sorgo granífero promoveu maior ingestão de MS (22,98 kg/dia) em comparação às silagens de milho (21,95 kg/dia) e de sorgo sacarino (19,43 kg/dia). A ingestão de água (litros/vaca/dia) foi semelhante entre os animais alimentados com silagem de milho (71,91) e de sorgo granífero (76,30) e menor nos animais alimentados com silagem de sorgo sacarino (56,95). A produção de leite total (28,81; 24,69 e 24,14 kg/dia) corrigida a 4% de gordura (30,65; 25,63 e 26,10 kg/dia) foi maior entre as vacas alimentadas com silagem de milho, no entanto, a porcentagem de gordura do leite das vacas alimentadas com silagem de sorgo sacarino foi maior (4,56%) em comparação àquelas alimentadas com silagem de milho (4,39%) e silagem de sorgo granífero (4,31%). A porcentagem de proteína foi maior (3,25%) no leite das vacas alimentadas com silagem de milho, intermediária no leite das vacas alimentadas com silagem de sorgo sacarino (3,05%) e menor no leite das vacas alimentadas com silagem de sorgo granífero (2,97%). Os coeficientes de digestibilidade dos nutrientes foram maiores nas vacas alimentadas com a ração à base de silagem de sorgo sacarino em comparação às rações à base de silagem de sorgo granífero e de milho. Resumo em inglês The effect of feeding grain sorghum silage, sweet sorghum silage, and corn silage on intake, milk production, milk composition, and nutrient digestibility of lactation dairy cows was evaluated. Twenty-four Prim'Holstein (PO) cows were used, forming three groups of eight cows each. The experimental treatments were: 1) corn silage; 2) grain sorghum silage; and 3) sweet sorghum silage, fed ad libitum, with two commercial concentrates, distributed following the cow milk produ (mais) ction. Grain sorghum silage promoted greater DM intake (22.98 kg/day) compared to corn silage (21.95 kg/day), and sweet sorghum silage (19.43 kg/day). Dry matter intake was greater for corn silage than for sweet sorghum silage. Water intake (L/cow/day) was similar for the animals fed corn silage (71.91) and grain sorghum silage (76.30), and both were greater than the water intake of animals fed sweet sorghum silage (56.95). Total milk production (28.81; 24.69 and 24.14 kg/day), 4% fat corrected milk (30.65; 25.63 and 26.10 kg/day), and milk chemical composition was greater for cows fed corn silage when compared to the ones receiving grain sorghum silage and sweet sorghum silage. Cows fed sweet sorghum silage, but showed higher milk fat percentage (4.56%) compared to cows fed corn silage (4.39%) or grain sorghum silage (4.31%). Milk protein concentration was higher for cows fed corn silage (3.25%), intermediate for cows fed sweet sorghum silage (3.05%), and lower for the ones fed grain sorghum silage (2.97%). Nutrient digestibility coefficients were greater for cows fed sweet sorghum silage compared to other silages.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

85

O nível de colesterol influencia a quantidade de folículos na punção folicular de vacas de corte/ Cholesterol levels affect the quantity of follicles in beef cattle ovum pick-up

Pfeifer, L.F.M.; Pivato, I.; Rumpf, R.; Dionello, N.J.L.; Schneider, A.; Goulart, M.A.; Corrêa, M.N.
2009-03-01

Resumo em português O objetivo deste trabalho foi avaliar o número de folículos por punção folicular (PF), a quantidade e a qualidade de ovócitos oriundos de vacas com diferentes níveis séricos de colesterol. Para a realização deste experimento foram utilizadas 5 vacas mestiças. Antes do início do experimento, todas as vacas receberam por 8 dias um dispositivo intravaginal liberador de progesterona e dois dias antes da retirada dos dispositivos todas as vacas receberam 0,150 mg de (mais) d-cloprostenol. As sessões de PF ocorreram a cada 4 dias, totalizando 6 sessões. Os animais receberam 0,150 mg de d-cloprostenol a cada 8 dias, juntamente com a troca dos dispositivos. Após avaliação do nível sérico de colesterol, as vacas foram divididas em dois grupos: G1 (colesterol50 mg/dl). Foi registrado uma diferença (p0,05) no número de ovócitos coletados e na qualidade dos mesmos. Verificou-se que vacas com níveis de colesterol superior à 50 mg/dl apresentaram um maior número de folículos aptos à punção. Resumo em inglês The aim of this work was to evaluate the number of follicles able to ovum pick up (OPU), the quantity, and quality of oocytes from donors showing different blood levels of cholesterol. For this experiment 5 crossbreed cows were used. Before the beginning of the experiment all cows received an intravaginal progesterone releasing device for 8 days. Two days before the device withdraw all cows received 0.150 mg of d-cloprostenol. The cows were submitted to ovum pick up each (mais) 4 days in a total of 6 sections. The cows were injected with 0.150 mg of d-cloprostenol each 8 days, at the moment of the device change. After the evaluation of blood cholesterol, cows were divided in two groups: G1 (cholesterol50 mg/dl). There was a difference (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

86

Efeito da somatotrofina bovina (bST-r), do implante de progestágeno e do desmame por 72 horas na indução do estro e na taxa de prenhez em vacas/ Effect of bovine somatotropin (bST-r), progestagen intravaginal device and temporary calf removal on estrous induction and on pregnancy rate in cows

Maciel, M.N.; Neves, J.P.; Gonçalves, P.B.D.; Oliveira, J.F.C.; Farias, A.M.
2001-12-01

Resumo em português Este trabalho teve por objetivo avaliar a eficiência de tratamentos hormonais sobre a fertilidade de vacas de corte no pós-parto com diferentes condições corporais, durante a estação de monta de outono. Setenta e três vacas pluríparas cruzadas (Hereford x Nelore) criadas extensivamente, com condição corporal entre 2 e 4, foram pesadas e distribuídas em três grupos experimentais. O grupo GSED, constituído por 25 vacas, recebeu pessário vaginal (dia 0) contend (mais) o 250mg de acetato de medroxiprogesterona e 500mg de somatotropina bovina recombinante (bST-r). Na retirada dos pessários (dia 7), as vacas receberam 0,5mg de cipionato de estradiol e procedeu-se o desmame temporário dos bezerros por 72 horas. No grupo SED, 25 vacas receberam tratamento semelhante ao grupo GSED, porém não receberam bST-r. No grupo-controle, as 23 vacas somente foram separadas dos seus bezerros por 72h. Quando da retirada dos pessários as vacas foram colocadas com touros por 30 dias. Os animais foram pesados e avaliados quanto à condição corporal no início do experimento e na retirada dos touros (dia 37). Foi constatada perda média de peso de 0,648 kg/dia e os percentuais de estro foram de 26,1%, 33,3% e 56,5%, respectivamente, para os grupos controle, SED e GSED. O diagnóstico de gestação, realizado pela palpação retal 60 dias após a retirada dos touros, indicou percentuais de prenhez de 13,0%, 8,3% e 21,7%, respectivamente, para os grupos controle, SED e GSED (P=0,16), demonstrando que os programas hormonais adotados não foram eficientes no incremento das taxas de prenhez de vacas que perdiam peso entre 50 e 70 dias após o parto. Resumo em inglês This study aimed to assess the efficiency of hormonal treatment in the postpartum fertility of nursing beef cows. Seventy-three cows (Hereford x Nellore) raised extensively, with body condition ranging from 2 to 4 were randomly allotted in three groups. The GSED group, with 25 cows, received an intravaginal device (ID) of 250mg of medroxiprogesteron acetate and 500mg of recombinant bovine somatotropin (bST-r; day 0). After the ID withdrawal (day 7), the cows received 0.5m (mais) g of estradiol cipionate; their calves were temporarily weaned for 72 hours. In the SED group, 25 cows received a similar treatment, however, somatotropin was not used. In the control group, 23 cows were temporarily separated from their calves for 72 hours and did not receive any hormonal treatment. The cows were put together with the bulls for 30 days just after ID withdrawal. The cows were weighted and assessed for body condition at day 0 and just after bulls withdrawal. The cows lost weight in an average of 0.648 kg/day, and 56.5%, 33.3%, and 26.1% of estrous rates were observed, respectively for the GSED, SED and control groups (GSED vs. SED, P=0.0001; GSED vs. control, P=0.0007; SED vs. control, P=0.53). The pregnancy rates were 21.7%, 8.3%, and 13.0%, respectively for the GSED, SED and control groups (P=0.16). The results showed that the hormonal program associated with temporary 72-hour calf removal did not increase conception rate of cows that loosed weight from 50 to 70 days postpartum.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

87

Efeito da condição corporal ao parto sobre a produção e composição do leite, a curva de lactação e a mobilização de reservas corporais em vacas da raça Holandesa/ Effects of body condition at calving on milk yield and composition, lactation curve and body reserve mobilization of Holstein cows

Rennó, F.P.; Pereira, J.C.; Santos, A.D.F.; Alves, N.G.; Torres, C.A.A.; Rennó, L.N.; Balbinot, P.Z.
2006-04-01

Resumo em português Avaliaram-se os efeitos do escore da condição corporal ao parto sobre a produção e composição do leite, a curva de lactação e o padrão de mobilização de reservas corporais em vacas da raça Holandesa. Foram utilizadas 51 vacas, sendo 13 primíparas e 38 multíparas, distribuídas em delineamento inteiramente ao acaso, segundo a ordem de partos - primíparas e multíparas - e a classe de escore da condição corporal ao parto (ECCP) - classe 1 ECCP igual ou supe (mais) rior a 3,25, e classe 2 ECCP igual ou inferior a 3,0. Para avaliar o padrão de mobilização de reservas corporais, foram formados grupos de vacas em função do ECCP e do nível de produção de leite. Nas primíparas, não foram observados efeitos da ECCP sobre a produção e a composição do leite e sobre a curva da lactação, exceto para porcentagem de gordura. Nas multíparas, as vacas da classe 1 produziram mais leite e mais componentes do leite, e a curva da lactação mostrou pico de produção mais alto. As vacas de maior ECCP e maior produção de leite apresentaram padrão de mobilização de reservas corporais mais acentuado no início da lactação e maior peso corporal no pré-parto e ao parto. O peso corporal e a mudança de peso corporal ao parto e no início da lactação não foram influenciados pelo escore de condição corporal ao parto e pela produção de leite. Resumo em inglês The effects of body condition at calving on milk yield, milk composition, lactation curve and body tissue mobilization patterns were evaluated in Holstein cows. Thirteen primiparous and 38 multiparous cows were assigned body condition scores at calving (BCC). Those with BCC equal to or greater than 3.25 were assigned to class 1; while those with BCC less than 3.25 constituted class 2. These BCC classes did not affect milk yield, milk composition (except for fat percentage (mais) ) or lactation curve significantly in primiparous cows. In multiparous cows, however, class 1 individuals had higher total milk yield, higher peak milk yield, higher milk composition percentages and more effective mobilization of body tissue reserves than cows in class 2. Among those cows that had higher BCC, those with more effective mobilization of body tissue reserves at the beginning of lactation had higher milk yields. Cows with higher BCC were heavier at prepartum and at calving in comparison to cows with lower BCC. However, body weight at calving and change in body weight early in lactation were not related to body composition at calving and subsequent milk yield.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

88

Efeito da frequência de amamentação sobre a taxa de ovulação após tratamento com desmame temporário + GnRH, sobre a incidência de luteólise prematura no primeiro ciclo estral pós-parto e sobre o desempenho da progênie de vacas Nelore/ Effect of suckling frequency on ovulation rate after temporary weaning + GnRH treatment, incidence of premature luteolysis in the first postpartum estrous cycle, and performance of calves from Nelore cows

Claro Junior, I.; Sá Filho, O.G.; Rodrigues Junior, M.M.; Vasconcelos, J.L.M.
2010-04-01

Resumo em português Avaliou-se o efeito da restrição na frequência de amamentação sobre o diâmetro folicular no dia 0 (DFOL), sobre a taxa de ovulação (TO), e sobre a incidência de luteólise prematura no primeiro ciclo estral pós-parto (ILP) de vacas Nelore multíparas, em anestro, submetidas à amamentação ad libitum (controle; n= 115) ou amamentação uma vez ao dia (restrito; n= 109), entre os dias -14 e 9 do experimento, e estudou-se o efeito desses tratamentos sobre o peso (mais) à desmama da progênie dessas vacas. Induziu-se ovulação com remoção de bezerros entre os dias -2 e 0 e aplicação de 100μg de GnRH no dia 0. Somente animais que ovularam foram mantidos no experimento (n= 125). A ocorrência de luteólise prematura foi avaliada por meio da dosagem da concentração sérica de progesterona nos dias 5 e 9. A TO não foi influenciada pelos tratamentos (55,8%; P>0,1), e as vacas do tratamento restrito apresentaram maior DFOL (10,90±0,26 vs. 10,18±0,21mm; P Resumo em inglês The effects of restricted suckling on follicular diameter at day 0 (FDDO), ovulation rate (OR), and incidence of premature luteolysis in the first post partum estrous cycle (PLI) of Nelore cows and the effects on weight at weaning (WW) of progenie of these cows were evaluated. Multiparous anestrous postpartum Nelore cows were submitted to ad libitum suckling (control; n= 115) or once-a-day suckling (restricted; n= 109) from days -14 to 9 of the experiment. For both treatm (mais) ents, a temporary calf removal was performed from days -2 to 0, and on day 0 cows received 100μg of GnRH. Only animals that ovulated after GnRH treatment were used in the experiment (n= 125). The occurrence of premature luteolysis was evaluated by dosage of serum progesterone concentrations on days 5th and 9th. The OR was not affected by treatments (55.8%; P>0.1), but cows from restricted treatment had larger FDDO at time of GnRH treatment (10.90±0.26 vs. 10.18±0.21mm; P

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

89

Avaliação de indicadores em estudos com ruminantes: estimativa de consumos de concentrado e de silagem de milho por vacas em lactação/ Prediction of individual dry matter intake in group-fed lactating dairy cows

Ferreira, Marcelo de Andrade; Valadares Filho, Sebastião de Campos; Silva, Luiz Fernando Costa e; Nascimento, Fernando Barros; Detmann, Edenio; Valadares, Rilene Ferreira Diniz
2009-08-01

Resumo em português Dois trabalhos foram conduzidos para estimativa do consumo individual de vacas em lactação alimentadas em grupo. No primeiro, para validar a metodologia, foram utilizadas oito vacas, alojadas em baias individuais recebendo silagem de milho e 4 kg de concentrado. Dois indicadores externos (óxido crômico e dióxido de titânio) foram avaliados para estimativa do consumo individual de concentrado. A fibra em detergente ácido indigestível (FDAi) foi utilizada para estim (mais) ativa do consumo de silagem. A produção de matéria seca fecal (PMSF) foi determinada pela coleta total de fezes e estimada pelo LIPE®. Tanto o óxido crômico quanto o dióxido de titânio permitiram estimar com eficiência o consumo de concentrado, independentemente do método para estimativa da PMSF. A FDAi estimou de forma satisfatória o consumo de silagem de milho. No segundo experimento, foram utilizadas 31 vacas, distribuídas em três grupos de alimentação, alojadas em estábulo tipo free stall e alimentadas com silagem de milho e concentrado de acordo com a produção de leite (8,0; 5,5 e 4 kg, para os grupos 1, 2 e 3, respectivamente). Não houve diferença entre o óxido crômico e o dióxido de titânio no consumo de MS do concentrado, que foi muito próximo da quantidade média fornecida por vaca/dia (6,99 vs 7,12; 4,81 vs 4,96 e 3,49 vs 3,52 kg/vaca/dia). Verificou-se grande variação individual no consumo de concentrado, silagem e matéria seca total, independentemente do grupo de alimentação. Não foi verificada relação entre o consumo de matéria seca, a produção de leite e o peso metabólico dos animais. O óxido crômico e o dióxido de titânio podem ser usados para estimativa do consumo individual de concentrado e a FDAi é adequada para estimativa do consumo de silagem de milho por vacas em lactação alimentadas em grupo. Resumo em inglês Two studies were carried out to evaluate individual dry matter intake of group-fed lactating dairy cows. In the first trial, eight cows were housed in individual pens and fed corn silage and 4 kg of concentrate meal. Two external markers (chromium oxide and titanium dioxide) were used to predict individual concentrate intake. Indigestible acid detergent fiber (iADF) was used to estimate individual silage intake. Fecal dry matter output (FDMO) was determined by total colle (mais) ction and also by LIPE®. Chromium oxide and titanium dioxide were able to estimate individual concentrate intake, regardless of the FDMO method. The iADF marker was able to estimate the individual silage intake. In the second trial, 31 cows were distributed in three groups, housed in a free stall and fed corn silage and concentrate according to milk yield (8.0, 5.5, and 4 kg, for groups 1, 2 and 3, respectively). There was no difference between chromium oxide and titanium dioxide in the estimates of individual concentrate intake which were similar to the observed values (7.12 vs 6.99, 4.96 vs 4.81 and 3.52 vs 3.49 kg/cow/day). Individual intakes of concentrate, silage and total dry matter varied considerably, regardless of the group. There was no relationship among dry matter intake, milk yield and metabolic body weight. Chromium oxide and titanium dioxide and iADF can be used to estimate individual intakes of concentrate and corn silage, respectively, by group-fed lactating dairy cows.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

90

Fatores de ajustamento da produção de leite e de gordura na raça Holandesa para idade e núcleo de controle leiteiro/ Age of calving and region adjustment factors for milk and fat yields for graded and purebred Holstein in Minas Gerais State, Brazil

Durães, M.C.; Freitas, A.F.; Teixeira, N.M.; Barra, R.B.
2000-04-01

Resumo em português Foram estimados fatores de ajustamento para produção de leite e de gordura em rebanhos da raça Holandesa do Estado de Minas Gerais, segundo a idade da vaca ao parto, a composição racial e o núcleo de controle leiteiro onde ocorreu o parto. Utilizou-se a metodologia dos modelos mistos, usando-se a máxima verossimilhança restrita em um modelo animal com os efeitos fixos de rebanho-ano, época do parto e classes idade-composição racial-núcleo de controle leiteiro, (mais) e os efeitos aleatórios de animal e resíduo. Utilizaram-se 46.971 lactações de 26.822 vacas, sendo 17.354 vacas puras por cruzamento (PC) e 9.468 puras de origem (PO). Nos cinco núcleos regionais, denominados 1545, 2585, 5565, 35 e 75, formaram-se 21 classes de idade, sendo a menor constituída de vacas que pariram com menos de 24 meses e a maior pelas vacas com mais de 99 meses de idade. Para as vacas PO, os fatores para ajustamento da produção de leite e de gordura tenderam a ser menores do que os correspondentes valores estimados para as vacas PC; todavia, a variabilidade foi maior nas vacas PO em relação às PC nos núcleos 75, 2585 e 5565. Os fatores para vacas jovens foram maiores do que para vacas de maior idade. Os fatores de ajustamento para produção de gordura foram maiores que os correspondentes para produção de leite. É recomendável utilizar fatores específicos para o ajustamento da produção de leite e de gordura em cada núcleo e grupo racial. Resumo em inglês Adjustment factors were estimated for milk and fat yields for Holstein herds according to age of cow at calving, genetic group (purebred or graded cows) and region of recorded milk yield (nucleus) in Minas Gerais State. Statistical analyses used mixed model methodologies by restricted maximum likelihood using animal model. Herd-year, season of calving, age of cow classes, genetic group, and region of recorded milk records were used as fixed effects, and cows and residuals (mais) as random effects. Analyses used 46,971 records of 26,822 cows being 17,354 classified as graded Holstein and 9,468 as purebred. In five regional nuclei, namely 1545, 2585, 5565, 35 and 75, cows were grouped in 21 age classes. The youngest one was formed by cows with less than 24 months and the oldest one by cows with 99 months of age or more. For purebred cows the age adjustment factors for milk and fat yields were lower than the correspondent ones for graded cows; however, the variability were higher for purebred cows compared to those of graded cows in 75, 2585 and 5565 regional nuclei. The age adjustment factors for young cows were higher than the correspondent factors for older cows. The fat yield adjustment factors were higher than milk yield adjustment factors in both purebred and graded cows. It is recommended to use specific factors for milk and fat yields estimated within nucleus and within genetic group.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

91

Avaliação de ionóforos pela técnica da perda do potássio celular e produção de gases in vitro/ Ionophores evaluation by intracellular potassium depletion and in vitro gas production

Leopoldino, W.M.; Lana, R.P.; Eifert, E.C.; Arcuri, P.B.; Mantovani, H.C.; Martins, R.G.R.
2007-12-01

Resumo em português Dois estudos foram realizados com vacas lactantes utilizadas como unidade experimental e doadoras de líquido ruminal, sendo as populações de bactérias utilizadas para avaliar a ação de níveis crescentes de lasalocida e monensina na resistência à perda de potássio intracelular, e para produção de gases in vitro. A perda de potássio (Kmax) da lasalocida foi menor para a população de bactérias obtidas do líquido de rúmen de vacas submetidas a dietas com mon (mais) ensina, óleo de soja e monensina mais óleo de soja (19,4 a 25,4%) quando comparada com a perda de potássio em vacas submetidas a dietas sem ionóforo e óleo de soja (30,1%). O mesmo ocorreu para a perda de potássio da monensina, em que o menor valor foi de 6,5% para monensina mais óleo e o maior, de 29,5%, para o controle. Necessita-se de alta concentração de monensina (Kd= 2,3µM), porém baixa de lasalocida (Kd= 0,2µM) para causar a metade da perda máxima de potássio intracelular da população de bactérias do rúmen de vacas submetidas a dietas com monensina. As populações de bactérias de vacas submetidas às dietas com monensina foram sensíveis à lasalocida. As amostras incubadas com própolis produziram menor volume de gases (12,9ml/100g de MS). Resumo em inglês Two studies were carried out with lactating cows as experimental units and ruminal fluid donors. The ruminal bacteria population was used to evaluate the action of increasing levels of lasalocid and monensin on resistance of intracellular potassium depletion and in vitro gas production intracellular depletion potassium (Kmax) of lasalocid was lower to ruminal bacteria population obtained from rumen of cows fed diets with monensin, soybean oil and monensin plus soybean oil (mais) (19.4 to 25.4%) when compared to cows fed with control diet (30.1%). The same occurred for intracellular depletion potassium (Kmax) of monensin, in which the lowest value was 6.5% to monensin plus soybean oil and the greatest was 29.5% to control. High monensin concentration (Kd= 2.3µM) and low lasalocid concentration (Kd= 0.2µM) were necessary to cause half of maximum potassium depletion in ruminal bacteria population from cows fed diet with monensin. The ruminal bacteria population from cows feed diet with monensin were sensible to lasalocid. In vitro gas production showed the lowest volume when diets were incubated with propolis (12,9ml/100g of DM).

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

92

Avaliação da introdução de tecnologias no sistema de produção de gado de corte no Pantanal/ Evaluation of new management technologies on the performance and culling rate of Pantanal beef cows

Abreu, Urbano Gomes Pinto de; Lopes, Paulo Sávio; Torres, Robledo de Almeida; Santos, Heleno do Nascimento
2006-12-01

Resumo em português O desempenho produtivo de 1.075 matrizes e a estrutura etária do rebanho foram monitorados durante cinco anos (maio de 1994 a maio de 1999) em uma fazenda com sistema extensivo de cria de bovinos de corte na região do Pantanal. Nesse período, tecnologias foram introduzidas com o objetivo de modificar o sistema tradicional de produção da região e, conseqüentemente, melhorar o desempenho produtivo do rebanho de cria como um todo. As vacas foram numeradas e monitorada (mais) s durante a realização dos trabalhos de gado (TG), sendo classificadas como solteira ou parida e, conforme avaliação do desempenho reprodutivo ao longo dos trabalhos de gado, eram mantidas no rebanho ou descartadas. Os resultados foram modelados por meio de equações de estimação generalizadas (EEG) com a função de ligação logística e distribuição binomial. Utilizou-se o teste de Wald para análise do efeito das variáveis ao longo do tempo. O desempenho produtivo foi significativamente influenciado pelos efeitos das variáveis exploratórias invernada, ordem de trabalho, idade da vaca linear e quadrático. O descarte de matrizes foi influenciado de forma significativa pelos efeitos de invernada, ordem de trabalho de gado e idade da vaca linear. A introdução de tecnologias não representou tendência clara de aumento da probabilidade de as vacas serem classificadas como paridas. Após a introdução da estação de monta, a pressão de descarte foi maior, aumentando a probabilidade de descarte e diminuindo a probabilidade de permanência da matriz no rebanho nas idades mais avançadas, o que o tornou mais dinâmica a reposição das vacas. Resumo em inglês Performance and age distribution of 1,075 cows were recorded during five years (May 1994 to May 1999) in a herd with an extensive cow-calf system in the Pantanal region. During this period new management technologies were introduced with the objective of modify the traditional system and improve herd production. Cows were identified and after pregnancy checking they were maintained or culled from the herd depending on the overall evaluation of the reproductive performance (mais) . Data were modeled using generalized estimating equation (GEE) with logistic function and binomial distribution, which is an extension of generalized linear models (GLIM). The GEE approach takes into account the structure of covariance categorical repeated measurements in the subject for parameter estimates. Cows culling rate was significantly affected by pasture, management, and linear and quadratic cow age. Use of new technologies did not clearly increase the probability of pregnancy. Breeding season increased cows culling rate leading to a greater replacement of cows in the herd.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

93

Influência da retenção dos anexos fetais no hemograma de fêmeas bovinas da raça Holandesa/ The influence of retained fetal membranes on the hemogram of Holstein cows

Saut, J.P.E.; Birgel Junior, E.H.
2008-12-01

Resumo em português Analisou-se o hemograma de 177 amostras de sangue de fêmeas bovinas da raça Holandesa nos primeiros 90 dias pós-parto. As amostras foram colhidas de vacas não reagentes ao antígeno (GP 51) do vírus da leucose dos bovinos, distribuídas em dois grupos (I: puerpério fisiológico; II: puerpério com retenção dos anexos fetais) e subdivididas em quatro grupos de acordo com o momento de colheita. Nos primeiros 10 dias após o parto, o eritrograma não sofreu influênc (mais) ia da retenção dos anexos fetais. Com a evolução do puerpério, observou-se, nas vacas com retenção dos anexos fetais, anemia de grau leve entre o 10º e 30º dia pós-parto. O leucograma dos animais com retenção dos anexos fetais foi predominantemente linfocitário, caracterizado por leucopenia, neutropenia com desvio à esquerda degenerativo e eosinopenia. A partir do 10º dia após o parto, o leucograma não foi influenciado pela retenção dos anexos fetais. Resumo em inglês Hematological profiles of 177 blood samples from Holstein cows were determined during the first 90 days after parturition. Blood samples were collected from cows that were non-reactive to the bovine leukosis virus (GP 51) antigen. The animals were divided into two groups (group I: physiological puerperium and group II: puerperim with retained fetal membranes), and subdivided into four groups, based on the time that the samples were collected. During the first 10 days afte (mais) r parturition, retained fetal membranes did not influence the erythrogram. However, with the evolution of the puerperium period, a mild anemia was observed from the 10th to the 30th day postpartum in cows with retained fetal membranes. The leukocyte profile was predominantly lymphocytic, characterized by leucopenia induced by neutropenia with a left degenerative shift and eosinopenia. From the 10th day postpartum, the retained fetal membranes did not influence the leukogram.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

94

Intoxicação por Indigofera suffruticosa (Leg. Papilionoideae) em bovinos/ Poisoning by Indigofera suffruticosa (Leg. Papilionoideae) in cattle

Salvador, Islaine de Souza; Medeiros, Rosane M.T; Pessoa, Clarice R.M; Dantas, Antônio F.M; Sucupira Júnior, Gerôncio; Riet-Correa, Franklin
2010-11-01

Resumo em português Em uma propriedade do Município de Aparecida, no sertão da Paraíba, foi diagnosticada intoxicação por Indigofera suffruticosa em um rebanho de 25 vacas e um boi que foram colocados em um piquete que continha predominantemente I. suffruticosa onde permaneceram durante 10 dias. No quinto dia de pastejo o proprietário observou urina com coloração vermelho escura em uma vaca e ao final de dez dias de pastejo havia seis vacas doentes apresentando hemoglobinúria e dimi (mais) nuição na produção leiteira. No quinto dia após serem retiradas do pasto uma vaca apresentou agressividade e no sétimo dia foi encontrada morta pela manhã. Na necropsia o fígado apresentava coloração amarelada com pontos avermelhados e aumento do padrão lobular. A bexiga encontrava- se repleta com urina de cor vermelho escura. Os rins estavam escuros e com áreas hemorrágicas, de até 2mm, que se estendiam radialmente para dentro do córtex e parte da medula. Na histologia, os rins apresentavam áreas multifocais de necrose tubular isquêmica aguda com deposição de hemoglobina nas células epiteliais e cilindros de hemoglobina nos túbulos. No fígado havia necrose de coagulação difusa paracentral e ocasionalmente centrolobular. Os demais bovinos afetados se recuperaram espontaneamente 3-8 dias após serem retirados da pastagem. Conclui-se que a intoxicação por I. suffruticosa apesar de apresentar recuperação espontânea na maioria dos bovinos, mesmo se estes continuam ingerindo a planta, pode causar a morte de alguns animais por anemia aguda. Resumo em inglês Poisoning by Indigofera suffruticosa was diagnosed on a farm in the state of Paraíba, in the Brazilian semiarid region, in a herd of 25 cows and one bull. The herd was grazing for ten days in a paddock severely invaded by I. suffruticosa. Five days after the introduction into the paddock some cows showed red urine, and in ten days, when the herd was removed from the pastures, six cows had decreased milk production and hemoglobinuria. Five days after being withdrawn from (mais) the pastures, one cow showed aggressiveness and two days later was found death. At necropsy, the liver was yellowish with petechial hemorrhages on the surface and had increased lobular pattern. The kidneys were dark and with red spots up to 2mm in diameter in the surface, which extended radially into the renal cortex. The urinary bladder was full of dark red urine. Upon histologic examination the kidneys had multifocal areas of ischemic tubular necrosis with hemoglobin deposition in the epithelial cells and hemoglobin casts in the tubules. The liver had diffuse paracentral and occasionally centrolobular coagulative necrosis. The other affected cows recovered spontaneously within 3-8 days after having been moved from the paddock. It is concluded that poisoning by I. suffruticosa, despite the spontaneous recovering of most cattle, can cause the death of some affected animals by acute hemolytic anemia.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

95

Fatores nutricionais associados à reprodução da fêmea bovina/ Nutritional factors associated with reproduction in heifers and cows

Sartori, Roberto; Guardieiro, Monique Mendes
2010-07-01

Resumo em português O conhecimento da importância da nutrição sobre a reprodução dos animais, por produtores e pesquisadores, vem de longa data. Entretanto, estudos contemporâneos têm trazido novas perspectivas e informações mais detalhadas desta relação, permitindo um ajuste fino nas manipulações de dietas com o propósito de aumentar a produção e a reprodução em ruminantes. Apesar disso, especialmente em vacas de elevada produção leiteira, ainda há sérios problemas de (mais) fertilidade de ordem multifatorial, mas com grande envolvimento nutricional. Por outro lado, adição de certos ingredientes à dieta, como gordura rica em ácidos graxos polinsaturados, e redução do fornecimento de proteína degradável no rúmen têm, em diversas ocasiões, resultado em incremento nos índices reprodutivos em bovinos leiteiros e de corte. Nesse sentido, este artigo tem a proposta de apresentar e discutir resultados de alguns trabalhos relevantes sobre o tema, principalmente aqueles relacionados à influência da energia ou proteína sobre a reprodução. Resumo em inglês The knowledge of the importance of nutrition on animal reproduction is well known for producers and researchers for a long time. However, contemporary studies have brought new perspectives and further details of this relationship, allowing fine-tuning of diets handling in order to increase production and reproduction in ruminants. Nevertheless, especially in high-producing dairy cows, there are still serious multifactorial fertility problems, with a heavy nutritional invo (mais) lvement. In contrast, addition of certain ingredients to the diet, such as fat rich in polyunsaturated fatty acids and reducing the supply of rumen degradable protein have on several occasions, resulted in an increased reproductive performance in dairy and beef cattle. Thus, this article presents and discusses results of some relevant papers on this subject, especially those related to the influence of energy or protein on reproduction.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

96

Aspectos clínico-patológicos e controle da paratuberculose em rebanho bovino leiteiro/ Clinic-pathological aspects and control of paratuberculosis in a dairy cattle herd

Yamasaki, Elise M; Tokarnia, Carlos H; Galvão, Alexandre; Gomes, Marcos J.P; Chies, José A.B; Veit, Tiago Degani; Aragão, Ana Paula; Brito, Marilene F
2010-11-01

Resumo em português A paratuberculose ou doença de Johne é uma enterite granulomatosa causada por Mycobacterium avium subsp. paratuberculosis. Descrevem-se os aspectos epidemiológicos, clínico-patológicos e laboratoriais da paratuberculose em rebanho bovino leiteiro no município de Rio Claro, região Sul do Estado do Rio de Janeiro. No período de 2006 a 2009, oito vacas adultas da raça Girolanda apresentaram diarreia crônico-intermitente e perda progressiva de peso. À necropsia, ob (mais) servaram-se linfonodos mesentéricos aumentados de volume e úmidos ao corte, vasos linfáticos subserosos das alças intestinais proeminentes, serosa do intestino com aspecto anelado e cerebroide e a mucosa espessada, pregueada e com aspecto microgranular. À microscopia havia, desde o duodeno até o reto, inflamação granulomatosa difusa, marcada dilatação dos vasos linfáticos no ápice das vilosidades, linfangiectasia e linfangite granulomatosa na submucosa, muscular e serosa. A inflamação granulomatosa também foi vista nos linfonodos mesentéricos. A coloração de Ziehl-Neelsen revelou variável quantidade de bacilos álcool-ácido resistentes no interior de macrófagos, de células gigantes de Langhans e livres na mucosa e submucosa dos intestinos delgado e grosso e em linfonodos mesentéricos. Em alguns animais, a lâmina própria da mucosa, principalmente do jejuno e íleo exibia acentuada hipertrofia. Mycobacterium avium subsp. paratuberculosis foi isolado em cultivo bacteriano de Herrold com micobactina, a partir de amostras de fezes, de raspado de mucosa intestinal e de leite e identificado pela técnica de PCR IS900. Através da avaliação sorológica semestral, foram analisadas 298 vacas do mesmo rebanho a partir de três anos de idade, observou-se cerca de 40% de animais reagentes ao teste ELISA indireto no período estudado. O diagnóstico da paratuberculose foi baseado nos dados clínico-patológicos, na sorologia, no isolamento e identificação do agente através de cultivo bacteriano e PCR IS900. Após implementação de medidas de controle, tais como eliminação de animais doentes, abate seletivo dos animais soropositivos, separação dos bezerros ao nascer e utilização de banco de colostro, observou-se, nos três anos de estudo, diminuição da ocorrência de casos clínicos no rebanho, de seis casos por ano para cerca de um caso por ano. Resumo em inglês Paratuberculosis (Johne's disease) is a granulomatous enteritis of ruminants caused by Mycobacterium avium subsp. paratuberculosis. Epidemiology, clinic-pathological and laboratorial aspects of paratuberculosis in a dairy cattle herd are described. The disease was diagnosed from 2006 to 2009 in eight cows that presented chronic-intermittent diarrhea and chronic weight loss, in the Rio Claro municipality, Rio de Janeiro. At necropsy, the subserosal lymphatic vessels were p (mais) roeminent and dilated, mesenteric nodes were enlarged and intestinal mucosa was corrugated, thickened and of microgranular aspect. From duodenum to the rectum, histopathology revealed severe and diffuse granulomatous inflammation of the lamina propria and submucosa, broadened and distorted villi, dilatation of the lymphatic vessels in their apex, lymphangioectasia and granulomatous lymphangitis in the submucosa. Ziehl-Neelsen stain showed variable amounts of acid-fast bacilli in macrophages, in Langhans giant cells and freely in the mucosa and submucosa of the small intestine, colon and lymphnodes. In some cows, the lamina propria presented severe hypertrophy, mainly in the jejunum and ileum. Mycobacterium avium subsp. paratuberculosis was isolated through bacterial cultivation of samples taken from feces, intestinal mucosa and milk, and identified through IS900 PCR. From 298 cows older than three years, the percentage of reactive animals was 40% by indirect ELISA test. The diagnosis of paratuberculosis was based on clinic-epidemiological data, serology, bacterial isolation in Herrold egg yolk medium with micobactin and on IS900 PCR. After the adoption of control measures, as slaughter of cows with clinical signs, selective slaughter of seropositive cows, removal of the calf from the dam at birth, and use of the colostrum bank, we observed a reduction from six clinical cases to only one case per year, in the last three years of the study.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

97

Teste da libido e atividade de monta em touros da raça Nelore/ Libido test and breeding activity of Nelore bulls

Santos, M.D.; Torres, C.A.A.; Ruas, J.R.M.; Silva Filho, J.M.; Costa, E.P.; Pereira, J.C.
2004-08-01

Resumo em português Estudaram-se o efeito do tempo de avaliação da libido sobre a conduta sexual de touros e a atividade de monta em diferentes proporções touro:vaca e verificaram-se as possíveis correlações entre libido, circunferência escrotal e qualidade seminal. Vinte touros foram selecionados por meio de exame andrológico e teste da libido e distribuídos segundo as proporções touro:vaca: T1= 1:25; T2= 1:50; T3= 1:75; e T4= 1:100, com cinco repetições em cada proporção. O (mais) aumento no tempo de avaliação do teste da libido de 10 para 15 minutos reduziu o percentual de touros classificados como questionáveis e com libido boa e elevou o percentual de touros com libido muito boa e excelente. O tempo de 10 minutos interferiu negativamente no desempenho sexual dos touros. Das 1250 vacas utilizadas nos quatro tratamentos, 738 (59,0%) foram marcadas, sendo 624 (84,5%), 112 (15,2%) e duas (0,3%) marcadas por um, dois e três touros, respectivamente. As correlações entre libido e qualidade seminal e circunferência escrotal foram baixas. Resumo em inglês The effect of time evaluation of bull libido on sexual behavior and the bull breeding activity for different bull:cow proportions were studied. Correlations between libido and scrotal circumference and sperm quality were estimated. Twenty selected bulls based on andrologic evaluation and on libido test were randomly allotted to four treatments in the following bull:cow proportions: T1= 1:25; T2= 1:50; T3= 1:75; and T4= 1:100. The increase in the time of the libido test fr (mais) om 10 to 15min reduced the percentage of bulls classified as questionable and good libido, and increased the percentage of bulls with very good and excellent libido. Ten minutes of libido test negatively affected sexual activity of the bulls. Out of 1250 cows from all treatments, 738 (59.0%) were marked, according to the following numbers: by one bull, 624 cows (84.5%), by two bulls, 112 cows (15.2%) and by three bulls, 2 cows (0.3%), suggesting that in a natural multibull breeding 45-day-season-system most of the cows are mated by only one bull. The estimated correlations between libido and sperm quality and scrotal circumference were low.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

98

Fungi and Fusarium mycotoxins in corn silages

Santos, V. M.; Venâncio, Armando; Matos, J. E.

Ensiled forages and grains are very important for feeding dairy cows in thePortuguese Azores islands. Fungal spoilage of animal feed silage occursfrequently. Moulds have no significant beneficial purpose to the ensiling process,and their ability to proliferate results from silage environments tha...

DRIVER (Portuguese)

100

Efeito do ibuprofeno administrado uma hora antes da inovulação de embriões bovinos/ Effect of ibuprofen administered one hour before the bovine embryo transfer

Narváez, H.J.; Fontes, R.S.; Costa, R.L.D.; Quirino, C.R.; Moreira, L.Z.
2010-06-01

Resumo em português Avaliou-se o efeito do ibuprofeno administrado uma hora antes da inovulação de embriões bovinos, com o objetivo de melhorar a taxa de prenhez. Após a avaliação da resposta ao protocolo de sincronização do estro, 76 fêmeas selecionadas como receptoras de embriões foram distribuídas em três grupos (G) experimentais: G1 (n=25) receptoras usadas como controle, G2 (n=30) receptoras que receberam ibuprofeno 5mg/kg, I.M, uma hora antes da inovulação dos embriões, (mais) e G3 (n=21) receptoras que receberam uma matriz polimérica de liberação controlada de ibuprofeno administrado por via subcutânea. As taxas de prenhez foram de 16% (4/25), 43,3% (13/30) e 14,2% (3/21), para G1, G2 e G3, respectivamente. Observou-se diferença (P Resumo em inglês The effect of the administered ibuprofen was evaluated one hour before the embryo transfer of bovine embryos in order to improve pregnancy rates. After evaluating the response to protocol synchronization of estrus, 76 Females selected as the recipients of embryos were distributed into three experimental groups: G1 (n = 25) surrogate cows used as control, G2 (n = 30) surrogate cows that received 5mg/kg ibuprofen, IM, one hour before the embryo transfer, and G3 (n = 20) sur (mais) rogate cows that received an array polymeric release of controlled ibuprofen subcutaneously administered. The pregnancy rates were 16% (4/25), 43.3% (13/30), and 14.2% (3/21) for G1, G2, and G3, respectively. There was statistical difference (P

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

101

Efeito da base genética materna e da estação de parição sobre variáveis produtivas de fêmeas primíparas Holandês x Zebu/ Effect of the maternal genetic basis and of the calving season on productive variables of primiparous Holstein x Zebu cows

Ruas, J.R.M.; Carvalho, B.C.; Silva Filho, J.M.; Silva, M.A.; Palhares, M. S.; Brandão, F. Z.
2007-02-01

Resumo em português Avaliaram-se variáveis produtivas de 78 fêmeas primíparas mestiças de base genética materna Gir ou Guzerá, paridas na estação seca ou chuvosa, utilizando-se o procedimento GLM do SAS. A estação de parição interferiu (P(mais) estação seca em relação às que pariram na estação chuvosa. Os valores foram de 475,19±39,81kg, 4,07±0,44 e 420,67±37,80kg e 3,62±0,37, respectivamente, para a estação seca e chuvosa. O PS e o IDP foram menores (P Resumo em inglês Productive variables of 78 crossbred Holstein x Zebu primiparous cows of Gir or Guzera maternal genetic basis, calved in the dry or rainy season were evaluated using the GLM procedure of the SAS. The calving season affected the weight at calving (WC), body condition score at calving (BCS), service period (SP) and calving interval (CI). The WC and BCS were higher (P(mais) n, 420.67±37.80kg and 3.62±0.37, respectively. The SP and CI were shorter (P

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)