Sample records for corticosteroids
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 20 shown. Select sample records:



1

Corticosteróides sistêmicos na prática dermatológica. Parte I: Principais efeitos adversos/ Systemic corticosteroids in dermatological practice. Part I: Main adverse effects

Freitas, Thais Helena Proença de; Souza, Daniella Abbruzzini Ferreira de
2007-02-01

Resumo em português Há quase 60 anos os corticosteróides sistêmicos têm sido amplamente utilizados na área de dermatologia, trazendo benefícios para muitas doenças em decorrência de suas ações antiinflamatórias e imunossupressoras. O desafio de seu uso consiste em contrabalançar os efeitos benéficos e as atividades farmacológicas indesejáveis. Infelizmente, os avanços no conhecimento sobre os mecanismos de ação dos corticosteróides não resultaram no desenvolvimento de reg (mais) imes com mínima toxicidade. Dessa maneira, este artigo de revisão discorre sobre os aspectos farmacológicos dos corticosteróides sistêmicos, bem como suas principais indicações de uso e efeitos colaterais da administração em altas doses e/ou por longos períodos de tempo. Resumo em inglês Systemic corticosteroids have been used in dermatological practice for approximately 60 years due to their anti-inflammatory and immunosuppressive effects. The challenge of corticosteroid therapy is to counterbalance the desirable actions and undesirable pharmacological effects. Unfortunately, advanced understanding of the mechanisms of action of corticosteroids has not resulted in the development of minimal toxicity regimens. In this article, we report the main pharmacol (mais) ogical properties of systemic corticosteroids, their major indications in clinical practice and the adverse effects of high doses and/or prolonged administration.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

Corticosteróides inalatórios e crescimento em crianças asmáticas ambulatoriais/ Inhaled corticosteroid treatment and growth of asthmatic children seen at outpatient clinics

Arend, Elisete E.; Fischer, Gilberto B.; Debiasi, Márcio; Schmid, Helena
2006-06-01

Resumo em português OBJETIVO: Verificar o efeito do uso de corticosteróides inalatórios no aumento estatural e ponderal de crianças asmáticas tratadas ambulatorialmente MÉTODOS: Foi realizado um estudo de coorte prospectivo de 1 ano, no qual 124 crianças asmáticas com 3 a 16 anos de idade que haviam recebido prescrição para uso de corticosteróides inalatórios há pelo menos 12 meses foram avaliadas quanto aos escore z altura/idade, peso/idade, índice de massa corporal e altura al (mais) vo parental estimada para a idade atual. Os critérios de exclusão foram: peso de nascimento menor que 2.500 g, desnutrição, doenças crônicas e uso de corticóide sistêmico por mais de 7 dias consecutivos. RESULTADOS: A média ± desvio padrão dos escores z altura/idade inicial e final foi, respectivamente, de 0,06±1,2 e 0,01±1,2, (IC95% 0,05-0,11); dos escores z peso/idade inicial e final foi de 0,6±1,5 e 0,5±1,5, respectivamente (IC95% 1,84-6,6). Esses valores não diferiram significativamente (p = 0,199 e p = 0,808). Quando estratificados em grupos bem e mal controlados da asma, púberes e não-púberes, também não houve perda estatural. CONCLUSÃO: Em relação às curvas NCHS (National Center for Health Statistics), não houve prejuízo na estatura e peso corporal de crianças/adolescentes que utilizaram corticosteróides inalatórios por mais de 1 ano nas doses preconizadas para prevenir asma. Resumo em inglês OBJECTIVE: To ascertain the effect of inhaled corticosteroid use on gain in height and weight of asthmatic pediatric outpatients. METHODS: A one-year prospective cohort study was carried out with 124 asthmatic children aged 3 to 16 years who were prescribed inhaled corticosteroids for at least 12 months, evaluating z-scores for height/age, weight/age, body mass index and parental target height for current age. Exclusion criteria were: birth weight less than 2,500 g, malnu (mais) trition, chronic diseases and systemic corticoid use for more than 7 consecutive days. RESULTS: The mean ± standard deviation for z-scores for initial and final height/age were 0.06±1.2 and 0.01±1.2, (95%CI 0.05-0.11), respectively; for initial and final weight/age z-scores they were 0.6±1.5 and 0.5±1.5 (95%CI 1.84-6.6), respectively. These figures did not differ significantly (p = 0.199 and p = 0.808). There was also no loss in stature when children were stratified into well and poorly controlled asthma or into pubescent and non-pubescent groups. CONCLUSIONS: In comparison with the NCHS (National Center for Health Statistics) growth curves, there was no compromise to the height or body weight of children/adolescents using inhaled corticosteroids for more than 1 year at the doses recommended for asthma prevention.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

Corticosteróides inalados no tratamento da alergia respiratória: segurança versus eficácia/ Inhaled corticosteroids in the treatment of respiratory allergy: safety vs. efficacy

Rizzo, Maria Cândida V.; Solé, Dirceu
2006-11-01

Resumo em português OBJETIVO: Revisar os mecanismos moleculares de ação, eficácia e potenciais efeitos adversos relacionados aos corticosteróides inalados (CEI) em crianças com asma persistente. FONTES DOS DADOS: Artigos de língua inglesa da base de dados MEDLINE. Foram empregados os termos: corticosteroids, inhaled corticosteroids, asthma, children, beclomethasone, fluticasone, budesonide, ciclesonide, growth, adrenal insufficiency, bone mineral density, oral candidiasis. Foram seleci (mais) onados guias de tratamento, artigos de revisão, estudos controlados, meta-análises e revisões sistemáticas que avaliaram a eficácia e os eventos adversos do tratamento com CEI. SÍNTESE DOS DADOS: Estudos in vivo e in vitro mostram que os CEI disponíveis apresentam diferentes características farmacocinéticas e farmacodinâmicas que lhes conferem diferentes potenciais de ação. Os CEI também diferem quanto aos efeitos adversos sistêmicos e locais. Salienta-se a biodisponibilidade desses produtos como essencial para determinar a incidência de efeitos colaterais. Em linhas gerais, os CEI são capazes de controlar a asma, reduzindo o número de exacerbações, atendimentos médicos, hospitalizações e a necessidade de pulsos de corticosteróides orais. Também se observa melhora da função pulmonar, sobretudo nos pacientes com asma de início recente. O efeito adversos mais documentado é a desaceleração transitória do ritmo de crescimento. CONCLUSÕES: Os CEI são o principal agente antiinflamatório utilizado no tratamento da asma persistente. Quando administrados em doses baixas, mostram-se seguros e efetivos. O monitoramento dos pacientes permite a detecção precoce de eventuais efeitos adversos associados aos CEI. Resumo em inglês OBJECTIVE: Review the molecular mechanisms of action, efficacy, and potential side effects associated with inhaled corticosteroids (ICS) in children with persistent asthma. SOURCES: Articles in English from MEDLINE. The following terms were used: corticosteroids, inhaled corticosteroids, asthma, children, beclomethasone, fluticasone, budesonide, ciclesonide, growth, adrenal insufficiency, bone mineral density, and oral candidiasis. Treatment guidelines, review articles, c (mais) ontrolled trials, meta-analyses, and systematic reviews evaluating the efficacy and the adverse events of treatment with ICS were selected. SUMMARY OF THE FINDINGS: In vivo and in vitro studies show that the available ICS have different pharmacokinetic and pharmacodynamic properties that result in different action potentials. ICS also differ as to the systemic and local side effects. The bioavailability of these products is essential in order to determine the incidence of side effects. In general, ICS are capable of controlling asthma, reducing the number of exacerbations, medical consultations, hospitalizations, and the need of oral corticosteroid (applications) bursts. Improvement can also be seen in pulmonary function, especially in patients with recent onset asthma. The most documented adverse effect is transitory decrease of growth rate. CONCLUSIONS: ICS are the main anti-inflammatory agent used to treat persistent asthma. When administered in low doses, they seem to be safe and effective. Patient monitoring allows for early detection of possible side effects associated with ICS.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

4

Corticosteróides sistêmicos na prática dermatológica. Parte II: estratégias para minimizar os efeitos adversos/ Systemic corticosteroids in dermatological practice. Part II: strategies to minimize adverse effects

Freitas, Thais Helena Proença de; Souza, Daniella Abbruzzini Ferreira de
2007-04-01

Resumo em português Os efeitos benéficos dos corticosteróides sistêmicos no tratamento e/ou controle de inúmeras dermatoses é inquestionável. No entanto, o dermatologista deve conhecer os principais efeitos adversos destas drogas e adotar medidas apropriadas com o intuito de evitar danos maiores à saúde do paciente. Este artigo discorre sobre as medidas pré-corticoterapia e o seguimento clínico do paciente durante o tratamento, de modo que as complicações possam ser diagnosticadas e controladas prontamente. Resumo em inglês The beneficial effects of systemic corticosteroids in treatment and/or control of several skin diseases are unquestionable. Nevertheless, dermatologists should be aware of the main adverse effects of these drugs and do what is necessary to avoid any harm to patients. The authors report the measures physicians should take before and during glucocorticoid therapy, so that any complications be immediately diagnosed and treated.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

5

Desenvolvimento de um método analítico rápido e eficiente para a determinação de corticosteróides plasmáticos por injeção direta em coluna cromatográfica ISRP-C18 por CLAE

Toledo-Pinto, E.A.; Menezes, M.L.; Pereira, O.C.M.
2010-01-01

Resumo em português O presente trabalho teve como objetivo o desenvolvimento de um método analítico simples, rápido e eficiente para a determinação de corticosteróides (cortisona, corticosterona, acetato de hidrocortisona e acetato de dexametasona) em amostras sangüíneas de ratos empregando um sistema isocrático de cromatografia líquida de alta eficiência (CLAE) com detecção ultravioleta. O método envolveu a injeção direta da amostra sangüínea em uma coluna cromatográfica (mais) com superfície interna de fase reversa (ISRP-C18), empregando a fase móvel composta por tampão fosfato pH 4,0: acetonitrila (65:35 v/v). A detecção dos analitos foi obtida, através de um detector de ultravioleta de comprimento de onda variável (Varian Modelo 2550) ajustado em 240 nm e um integrador SP 4400 Chromaject (Varian Associates, Inc, Sunnyvale, CA, USA). A extração do analito resultou em valores de recuperação entre 90% e 108%, e coeficiente de variação entre 1,1% a 2,5%. Os limites de detecção e quantificação do método foram de 0,02 e 0,04 µg mL-1, respectivamente. Assim, o método analítico proposto possibilitou a injeção direta (on-line) da amostra sem tratamento prévio apresentando também várias vantagens, tais como: rapidez, exatidão, precisão e especificidade. Resumo em inglês The present work had as aim the development of simple an analytical method, fast efficient and the determination of corticosteroids (cortisone, corticosterone, acetate of hidrocortisone and acetate of dexametasone) in sanguine samples of rats using an isocratic system of liquid chromatography of high efficiency (CLAE) with ultraviolet detention. The method involved direct injection of sanguine sample in a chromatographic column with internal surface of phase reverse (ISRP (mais) -C18), using the composed mobile phase for drain plug phosphate pH 4,0: acetonitrile (65:35 v/v). The detention the analytes was obtained using an ultraviolet detector of changeable wave length (Varian Model 2550) adjusted in 240 nm and a 4400 integrator SP Chromaject (Varian Associates, Inc., Sunnyvale, CA, USA). The extraction of the analyte resulted in recovery values between 90% and 108%, and variation coefficient enter 1,1% and 2.5%. The detention and quantification limits of the method were 0,02 and 0,04 µg mL-1, respectively. In conclusion, the analytical method possible the direct injection (on-line) of the sample without previous treatment also presenting some advantages, such as: fast, exactness, precision and specific.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

6

O efeito do corticosteróide na prevenção da síndrome da embolia gordurosa após fratura de osso longo dos membros inferiores: revisão sistemática com meta-análise/ The effect of corticosteroids on the prevention of fat embolism syndrome after long bone fracture of the lower limbs: a systematic review and meta-analysis

Cavallazzi, Rodrigo; Cavallazzi, Antonio César
2008-01-01

Resumo em português OBJETIVO: Analisar a evidência disponível sobre o efeito do corticosteróide na prevenção da síndrome da embolia gordurosa (SEG) após fratura de osso longo do membro inferior e/ou pélvis. MÉTODOS: Pesquisamos as bases de dados eletrônicas do Medline, Excerpta Medica, Cochrane Library, Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde e Scientific Electronic Library Online em março de 2007. Selecionamos estudos randomizados e controlados que comparar (mais) am corticosteróide com placebo (ou cuidados de rotina) na prevenção da SEG após fratura de osso longo de membro inferior e/ou pélvis. Também revisamos as referências contidas nos estudos incluídos. RESULTADOS: Seis estudos foram incluídos. O risco relativo total de desenvolver SEG foi 0,16 (IC95%: 0,08-0,35) no grupo que recebeu corticosteróide em comparação com o grupo controle. O risco relativo total de desenvolver hipoxemia foi 0,34 (IC95%: 0,19-0,59) no grupo que recebeu corticosteróide em comparação com o grupo controle. CONCLUSÃO: A análise da evidência mostrou que o corticosteróide diminui o risco de SEG e hipoxemia após fratura de ossos longos de membro inferior. Resumo em inglês OBJECTIVE: To analyze the available evidence regarding the effect that corticosteroids have on the prevention of fat embolism syndrome after long bone fracture of the lower limbs or pelvic fracture. METHODS: In March of 2007, we performed a search of various electronic databases, including Medline, the Excerpta Medica database, the Cochrane Library, the Latin American and Caribbean Health Sciences Literature database and the Scientific Electronic Library Online. We select (mais) ed randomized controlled trials that compared the effect of corticosteroids with that of placebo (or standard care) on the prevention of fat embolism syndrome after long bone fracture of the lower limbs or pelvic fracture. References from the studies included were also reviewed. RESULTS: Six studies were included. The pooled relative risk for developing fat embolism syndrome was 0.16 (95% CI: 0.08-0.35) in the corticosteroid group as compared with the control group. The pooled relative risk for developing hypoxemia was 0.34 (95% CI: 0.19-0.59) in the corticosteroid group as compared with the control group. CONCLUSION: The analysis of evidence showed that corticosteroids decrease the risk of developing fat embolism syndrome and hypoxemia after long bone fracture of the lower limbs.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

7

AVALIAÇÃO HISTOPATOLÓGICA E MORFOMÉTRICA INTESTINAL DOS EFEITOS DA ADMINISTRAÇÃO PROLONGADA DE CORTICOSTERÓIDE EM CÃES

LOUZADA, MURILO; MENESES, FLÁVIA SANTANA E; FERNANDES, LUÍS CÉSAR; KIM, SU BONG; MORA, OSWALDO ALVES; EGAMI, MISUE IMOTO; STÁVALE, JOÃO NORBERTO; SILVA, MARIA REGINA RÉGIS; MATOS, DÉLCIO
1999-01-01

Resumo em português Corticosteróides são de largo uso na prática médica. Porém, apresentam efeitos colaterais, que condicionam um fator de risco para procedimentos cirúrgicos gastrointestinais. O presente estudo visou avaliar as alterações da mucosa e submucosa em cólon de cães submetidos a administração prolongada de corticosteróides. Quinze cães machos, sem raça definida, 15 kg, randomizados, 6 de grupo controle e 9 de grupo experimental, foram submetidos à aplicação int (mais) ramuscular de hidrocortisona, 35 mg/Kg/dia, 30 dias. Foi realizada ressecção do segmento distal do cólon, fixado em Bouin, com cortes corados pelos métodos: PAS, alcian blue e HE. Na análise morfométrica, foi realizada contagem de: células caliciformes (CAL), células absortivas (ABS), células totais (TOT = CAL+ABS), mitoses (MIT) e linfócitos (LINF) presentes em cada cripta; mastócitos (MAST) na submucosa. A avaliação histopatológica revelou infiltrado linfoplasmocitário, desorganização das criptas, presença de células picnóticas, ulcerações na mucosa; edema, congestão vascular e linfática na submucosa. Houve diminuição significante do número de CAL, ABS, TOT e LINF, aumento de MIT no grupo experimental e não alteração do número de MAST. Conclui-se que a administração prolongada de corticosteróides em cães induziu alterações histopatológicas e morfométricas significantes na mucosa cólica, que podem se constituir em importante fator de risco cirúrgico. Resumo em inglês Corticosteroids are largely used in the medical practice. However, they present side effects, that condition a risk factor for gastro-intestinal surgical procedures. The present study seeks to evaluate the histologycal changes of the mucosa and submucosa in colon of dogs submitted to the extended administration of corticosteroids. Fifteen male dogs with no defined pedigree, weighing 15 kg, randomized, being 6 dogs of the control group and 9 dogs of the experimental group (mais) , were submitted to the intramuscular application of hydrocortisone, 35 mg/kg/day for 30 days. The colonic distal segment was resected, fixed in Bouin and the courts were stained by the methods: PAS, alcian blue and HE. In the morphometric analysis, was accomplished the counting of: globet cells (GLO), absorptive cells (ABS), total cells (TOT= GLO+ABS), mitosis (MIT) and lymphocytes (LYMP) in each crypt; mast cells (MAST) in the submucosa. The histopathologycal evaluation revealed lymphocytic and plasma cells infiltrated, disorganization of the crypts, presence of pictotic cells, ulcerations in the mucosa; edema, vascular and lymphatic congestion in the submucosa. Analysis revealed: significant decrease of the number of GLO, ABS, TOT and LYMP, increase of MIT in the experimental group and non alteration of the number of MAST. It was concluded that the extended administration of corticosteroids in dogs induced significant histopathologycal and morphometric alterations in the colonic mucosa, that can be constituted important factors of surgical risk.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

8

É possível prever o número de nebulizações e o uso de corticosteróide intravenoso em crianças com crise asmática na unidade de emergência?/ Is it possible to predict the number of nebulizations and the use of intravenous corticosteroid in children with asthmatic attack at the emergency room?

Paro, Maria L. Z.; Rodrigues, Joaquim C.
2001-06-01

Resumo em português OBJETIVO: identificar o número de nebulizações necessárias e a demanda de corticosteróide intravenoso em crianças em crise asmática, a partir de características clínicas e funcionais observadas no momento da admissão na unidade de emergência. MÉTODOS: Foram avaliadas prospectivamente 130 crianças em crise asmática, na faixa etária de 1 a 13 anos. No momento da admissão, as crianças foram avaliadas por meio de escore clínico e medidas de saturação arter (mais) ial de oxigênio (por oximetria de pulso) e de pico de fluxo expiratório. Em seguida, receberam um tratamento padronizado e foram acompanhadas em relação à necessidade de nebulizações consecutivas com b2 agonista e costicosteróide intravenoso. Através de análise de regressão buscou-se uma correlação dos parâmetros avaliados com o número de nebulizações realizadas e o uso de corticosteróide. RESULTADOS: Oitenta e oito crianças (67,7%) receberam de uma até três nebulizações, e 42 crianças (32,3%) receberam seis nebulizações. Sessenta e oito crianças (52,3%) receberam corticosteróide. Os valores iniciais de escore clínico, saturação arterial de oxigênio e pico de fluxo expiratório mostraram uma correlação significativa com o número de nebulizações realizadas e com a necessidade do uso de corticosteróide. CONCLUSÃO: Com base em nossos resultados, é possível predizer e antecipar, no momento da admissão das crianças em crise asmática na Unidade de Emergência, a necessidade do uso de corticosteróide e de um maior número de nebulizações, o que pode alterar o prognóstico e o tempo de evolução da crise. Resumo em inglês OBJECTIVE: to identify the number of nebulizations needed and the demand for intravenous corticosteroids in children with asthmatic attack, considering clinical and functional characteristics presented at the moment children were admitted to the emergency room. METHODS: we prospectively evaluated 130 children with asthmatic attack and from 1 to 13 years of age. At the moment children were admitted, they were evaluated according to clinical score, arterial oxygen saturatio (mais) n (pulse oximetry), and peak expiratory flow. Next, children received a standard treatment and were observed for the number of consecutive nebulizations required and the use of corticosteroid. Using regression analysis, we assessed the parameters evaluated for a correlation with the number of nebulizations and the use of intravenous corticosteroid. RESULTS: Eighty-eight children (67.7%) received one to three nebulizations, and 42 children (32.3%) received six nebulizations. Sixty-eight children (52.3%) received corticosteroids. The initial values for the clinical score, arterial oxygen saturation, and peak expiratory flow showed a significant correlation with the number of nebulizations required and the need for corticosteroids. CONCLUSIONS: According to our results, it is possible to predict and anticipate the need for corticosteroids and more nebulizations on admission of asthmatic children to the emergency room, allowing changes both in prognosis and in the time of evolution of the asthma attack.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

9

Nocardiose pulmonar e cutânea em paciente usuário de corticosteróide/ Pulmonary and cutaneous nocardiosis in a patient treated with corticosteroids

Baldi, Bruno Guedes; Santana, Alfredo Nicodemos Cruz; Takagaki, Teresa Yae
2006-12-01

Resumo em português Nocardiose é a infecção localizada ou disseminada causada por bactérias gram positivas do gênero Nocardia. Acomete mais freqüentemente pulmão, pele e sistema nervoso central. Ocorre principalmente em indivíduos com deficiência de imunidade celular e deve ser investigada principalmente quando se tem associação de manifestações respiratórias, cutâneas e neurológicas nesse grupo de pacientes. Relata-se um caso de nocardiose pulmonar e cutânea em paciente usu (mais) ário de corticosteróide oral para tratamento de bronquiolite obliterante com pneumonia em organização idiopática, que evoluiu com melhora clínico-radiológica após tratamento prolongado com sulfametoxazol-trimetoprim. Resumo em inglês Nocardiosis is a localized or disseminated infection caused by gram-positive bacteria of the genus Nocardia. The infection most commonly affects the lungs, skin and central nervous system. Nocardiosis principally occurs in individuals with cellular immunodeficiency and should be considered in the differential diagnosis when such individuals present respiratory, cutaneous or neurological alterations. Herein, we report a case of pulmonary and cutaneous nocardiosis in a pati (mais) ent receiving oral corticosteroids to treat bronchiolitis obliterans accompanied by organizing pneumonia of unknown origin. After long-term treatment with sulfamethoxazole-trimethoprim, the clinical and radiological profile improved.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

10

Antileucotrienos no tratamento da asma e rinite alérgica/ Antileukotrienes in the treatment of asthma and allergic rhinitis

Ribeiro, Jose Dirceu; Toro, Adyléia A. D. C.; Baracat, Emilio C. E.
2006-11-01

Resumo em português OBJETIVO: Comparar os antagonistas de leucotrienos (ARLT) aos outros grupos de medicamentos utilizados para tratar a asma e a rinite alérgica. FONTES DOS DADOS: MEDLINE, LILACS e Biblioteca Cochrane. Palavras chaves: leucotrienos, antileucotrienos, tratamento da asma, tratamento da rinite alérgica, asma e rinite alérgica. Procurou-se agrupar os principais trabalhos e revisões sobre o assunto. SÍNTESE DOS DADOS: Os ARLT são mais eficazes do que placebo e potencializa (mais) m os efeitos dos corticosteróides inalados. A associação de corticosteróides inalados com agentes beta2 agonistas de longa duração (LABA) é mais eficaz do que a associação de cortiscoteróides inalados + ARLT. Embora pareça racional o uso de ARLT na crise aguda de asma e rinite alérgica, mais estudos são necessários para comprovar esse benefício. Os ARLT promovem redução no tempo de hospitalização e no número de crises de sibilância em lactentes com bronquiolite viral aguda pelo vírus respiratório sincicial e na sibilância recorrente após bronquiolite viral aguda. Os ARLT são menos eficazes que os corticosteróides intranasais no manejo da rinite alérgica. Os ARLT são eficazes na asma induzida por exercício (AIE), embora não constituam a primeira linha de tratamento. CONCLUSÃO: Estudos controlados e randomizados mostram que os corticosteróides inalados são as drogas de escolha para o tratamento da asma persistente e rinite alérgica. :Não existem evidências suficientes para recomendar o uso de ARLT como medicamento de primeira linha (monoterapia) em crianças com asma (nível I). Nas crianças que não podem usar corticosteróides inalados, os ARLT podem ser uma alternativa (nível II). Resumo em inglês OBJECTIVE: To compare leukotriene antagonists (LTA) to other groups of drugs used in asthma and allergic rhinitis treatment. SOURCES: MEDLINE, LILACS and Cochrane Library. Keywords: leukotrienes, antileukotrienes, asthma treatment, allergic rhinitis treatment, asthma and allergic rhinitis. An attempt was made to group the main studies and reviews about this topic. SUMMARY OF THE FINDINGS: LTA are more efficient than placebo and enhance the effects of inhaled corticosteroi (mais) ds. The association of inhaled corticosteroids with long-acting beta2-agonists is more efficient than the association of inhaled corticosteroids + LTA. Although use of LTA in acute asthma attacks and allergic rhinitis seems reasonable, more studies are needed to confirm this benefit. LTA reduce hospitalization time and the number of wheezing attacks in infants with acute viral bronchiolitis caused by respiratory syncytial virus, as well as recurrent wheezing after acute viral bronchiolitis. LTA are less efficient than intranasal corticosteroids for allergic rhinitis management. LTA are efficient in exercise-induced asthma, although they are not the first-line treatment. CONCLUSIONS: Controlled and randomized studies show that inhaled corticosteroids are the drugs of choice to treat persistent asthma and allergic rhinitis. There is not enough evidence to recommend the use of LTA as first-line drug (monotherapy) in children with asthma (level I). For children who cannot use inhaled corticosteroids, LTA may be a good alternative (level II).

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

11

Neuropatia óptica isquêmica anterior e poliarterite nodosa: relato de caso/ Anterior ischemic optic neuropathy and polyarteritis nodosa: case report

Graf, Christie Michelle; Skare, Thelma Larocca; Moreira, Carlos Augusto
2006-02-01

Resumo em português Descreve-se uma paciente com diagnóstico de poliarterite nodosa, em tratamento com citostáticos e corticosteróides que desenvolveu neuropatia óptica isquêmica anterior, uma manifestação considerada bastante rara para esta doença. Resumo em inglês We describe a patient with polyarteritis nodosa being treated with cytostatics and corticosteroids who developed an anterior ischemic optic neuropathy, a rare manifestation of this pathology.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

12

Tratamento da arterite de Takayasu/ Takayasu’s arteritis treatment

Souza, Alexandre Wagner Silva de; Neves, Raissa Maria Sampaio; Oliveira, Kathia Regina; Sato, Emília Inoue
2006-06-01

Resumo em português A arterite de Takayasu (AT) é uma vasculite granulomatosa crônica que envolve a aorta e seus principais ramos. A monitoração da atividade da doença e o melhor esquema terapêutico ainda têm sido um desafio para todos os que tratam estes pacientes. Corticosteróides e imunossupressores vêm sendo utilizados na prática clínica diária com resultados nem sempre animadores. Apesar de não haver estudos controlados que abordem o tratamento da AT, diferentes estudos obs (mais) ervacionais descrevem a resposta de pacientes com AT ao uso de corticosteróides, metotrexato (MTX), azatio-prina e ciclofosfamida. Após a introdução da terapia biológica, novas perspectivas têm surgido para os pacientes com AT refratários aos esquemas terapêuticos tradicionais. Resumo em inglês Takayasus’s arteritis is a chronic granulomatous vasculitis involving the aorta and its main branches. Monitoring disease activity and the choice for the best therapy has been major challenger faced by all physicians who treat these patients. Corticosteroids and immunosuppressive therapy have been used in daily medical practice, but results have not always been encouraging. Although there are no controlled studies evaluating the treatment of Takayasu’s arteritis, observ (mais) ational studies have described the response to the use of corticosteroids, methotrexate, azathioprine and cyclophosphamide. The emerging of biological therapy has brought new perspective for Takayasu’s patients who are refractory to conventional therapy.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

13

Corticoterapia e Uveítes/ Corticosteroid therapy and uveitis

Finamor, Luciana Peixoto; Finamor Jr, Francisco; Muccioli, Cristina
2002-08-01

Resumo em português Os corticosteróides têm sido utilizados na prática clínica desde 1949, e seus efeitos benéficos na oftalmologia, principalmente nas doenças inflamatórias e autoimunes, é indiscutível. O artigo discute os tipos mais comuns de corticóides usados na oftalmologia, suas indicações, efeitos adversos e vias de administração. Resumo em inglês Corticosteroids have been used in clinical practice since 1949, and their potential beneficial effects in Ophthalmology, including inflammatory and autoimmune diseases, are now a fact. Nowadays, these steroids are used, systemically or locally, to treat a constellation of eye diseases. This article considers the most used corticosteroids in Ophthalmology, their indications, their side effects, and routes of administration.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

14

Possível intermediação do sistema imune na polineuropatia periférica plúmbica: relato de caso/ Possible role of the immune system in lead neuropathy: case report

Dias-Tosta, Elza; Alves, Adriana; Calmon, Miriam; Colombo, Luiz C.
1997-01-01

Resumo em português Relata-se o caso de paciente de 25 anos com ferimento por arma de fogo na articulação coxo-femural esquerda que desenvolveu, entre outros sinais de intoxicação plúmbica, polineuropatia periférica axonal predominantemente motora. Tratado inicialmente com corticosteróides em doses imunossupressoras obteve melhora, mas apresentava recidiva a cada tentativa de retirada da medicação. Demonstrados laboratorialmente níveis séricos tóxicos de chumbo, foi submetido à (mais) quelação com EDTA e à retirada cirúrgica do projétil, com boa recuperação da polineuropatia, sem necessidade ulterior de corticosteróides. Enfatiza-se: 1) o possível papel do sistema imune na fisiopatogenia da intoxicação por chumbo, podendo ser um dos motivos das diferentes apresentações clínicas das neuropatias plúmbicas na infância e no adulto; 2) a importância da retirada do material plúmbeo quando alojado em articulações. Resumo em inglês This is a case report of a twenty-five years old man who developed, due to lead intoxication, a severe axonal peripheral predominantly motor neuropathy, after a shotgun injury. The projectile was retained in the right hip. Before this diagnosis had been done he was treated with corticosteroids in immunosuppressive doses and showed an improvement, but he had worsened at each attempt to interrupt the drug. Because he had also other signs of lead intoxication, such as abdomi (mais) nal cramps, severe anemia and seizures it was search for the blood levels of lead that was 101.2 }μg/dl. The patient was treated with calcium disodium edetate and surgical removal of lead fragments. After that he had a good outcome with no need of corticosteroids. It is emphasized the possible relevance of the immune system on the mechanism of plumbic intoxication and the importance of the withdrawal of the lead material retained in joints.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

15

Função adrenal na sepse e choque séptico/ Adrenal function in sepsis and septic shock

Pizarro, Cristiane Freitas; Troster, Eduardo Juan
2007-11-01

Resumo em português OBJETIVO: Rever os critérios diagnósticos e o tratamento de insuficiência adrenal, em pacientes da faixa etária pediátrica, com sepse grave e choque séptico. FONTES DOS DADOS: Os artigos foram selecionados através das bases de dados MEDLINE (1966-junho 2007), Embase (1994-2007) e Cochrane Library (2000-2007). As seguintes palavras-chave foram utilizadas: choque séptico, sepse, corticosteróides, insuficiência adrenal e crianças. SÍNTESE DOS DADOS: Não existe u (mais) m critério bem estabelecido e aceito para definir insuficiência adrenal em pacientes criticamente enfermos. A incidência de insuficiência adrenal varia de acordo com o critério utilizado, podendo alcançar desde valores inferiores a 15% até superiores a 61%. O teste rápido de estímulo com hormônio adrenocorticotrófico (ACTH) é largamente utilizado como um teste simples para a identificação de não responsividade adrenocortical, mas existe muita discussão quanto à dose de corticotropina a ser utilizada. A dose de 250 µg é a dose padrão. Recentemente, baixas doses de corticotropina (1 µg) têm sido propostas, com a sugestão de que elas possam ter uma maior sensibilidade. Dúvidas ainda persistem quanto à eficácia da reposição com baixas doses de corticosteróides em crianças com choque refratário às catecolaminas. Mais estudos são necessários para determinar se o tratamento de tais pacientes alteraria morbidade e/ou mortalidade. CONCLUSÃO: Insuficiência adrenal é comum em crianças com sepse grave e choque séptico e pode contribuir para o desenvolvimento de choque refratário às catecolaminas. Contudo, dúvidas ainda persistem em relação à eficácia da terapêutica com baixas doses de corticosteróides. Resumo em inglês OBJECTIVE:To review diagnostic criteria and treatment of adrenal insufficiency in pediatric patients with severe sepsis and septic shock. SOURCES: Articles were selected using MEDLINE (1966-June 2007), Embase (1994-2007) and Cochrane Library (2000-2007) databases. following key words were utilized: septic shock, sepsis, corticosteroids, adrenal insufficiency and children. SUMMARY OF THE FINDINGS: There are no well established and accepted criteria to define adrenal insuff (mais) iciency in critically ill patients. Incidence of adrenal insufficiency varies according to different criteria, and it may range between low values of 15% and high values of 61%. The rapid corticotropin stimulation test is widely used as a method to identify adrenocortical hyporesponsiveness, but controversy exists as to the corticotropin dose to be used. The 250 µg dose is the standard dose. Low doses of corticotropin (1 µg) have recently been proposed, suggesting that they may have higher sensitivity. There are still doubts as to the efficacy of low doses of corticosteroids in children with catecholamine-refractory shock. Further studies are needed to determine whether the treatment of these patients would change morbidity and/or mortality. CONCLUSION: Adrenal insufficiency is common in children with severe sepsis and septic shock and may contribute to the development of catecholamine-refractory shock. However, doubts still persist regarding the efficacy of replacement therapy with low-doses steroids.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

16

Granulomatose de Wegener/ Wegener's granulomatosis

Antunes, Telma; Barbas, Carmen Sílvia Valente
2005-07-01

Resumo em português A granulomatose de Wegener caracteriza-se por vasculite necrosante granulomatosa que acomete preferencialmente vias aéreas superiores, inferiores e rins. Seu diagnóstico é feito associando-se as manifestações clínicas, radiológicas (multiplos nódulos escavados) e os achados anatomopatológicos e o anticorpo anticitoplasma de neutrófilos positivo. O tratamento com corticosteróides e ciclofosfamida leva a 90% de remissão da doença em 1 ano. Resumo em inglês Wegener's granulomatosis is characterized by granulomatous necrotizing vasculitis that primarily affects the airways (upper and lower) and the kidneys. The diagnosis is made by analyzing the clinical and radiological manifestations (multiple pulmonary cavitations), together with the pathological findings and results of the test for cytoplasmic-pattern antineutrophil cytoplasmic antibodies. Treatment consists of corticosteroids and cyclophosphamide and leads to remission of the disease within one year in 90% of cases.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

17

Infliximabe no tratamento de uveíte posterior refratária em paciente com doença de Behçet/ Infliximab treatment for refractory posterior uveitis in Behçet's disease

Freitas, Sinara da Silva; Dionello, Carla da Fontoura; Rezende, Lucila Stange; Serratto, Varlei Antônio; Baumle, Ana Carolina Beer; Rachid Filho, Acir
2005-04-01

Resumo em português Perda visual permanente, resultante de inflamação ocular recidivante, ocorre freqüentemente em pacientes com doença de Behçet, apesar de tratamento imunossupressor crônico e intensivo. Os autores relatam o caso de um paciente masculino, com 35 anos de idade, apresentando uveíte posterior, crônica e bilateral, refratária ao tratamento com corticosteróides e imunossupressores. O tratamento com infliximabe mostrou um efeito benéfico na uveíte desse paciente. Resumo em inglês Permanent vision loss resulting from relapsing ocular inflammation occurs frequently in patients with Behçet's disease, despite intensive and chronic immunosuppressive therapy. The authors report the case of a 35-year-old man with chronic bilateral posterior uveitis refractory to corticosteroids and immunosuppressive agents (methotrexate and cyclosporine) with a beneficial effect from treatment with infliximab.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

18

Policondrite recidivante associada a meningoencefalite: relato de caso/ Relapsing polychondritis associated with meningoencephalitis: case report

Brucki, Sonia M. Dozzi; Rocha, Maria Sheila Guimarães
2001-09-01

Resumo em português Policondrite é entidade com acometimento recorrente de qualquer cartilagem, principalmente nasal e auricular, apresenta evolução progressiva e recorrente. Está raramente associada a afecção do sistema nervoso. Descrevemos um paciente cuja manifestação inicial foi de meningoencefalite, com posterior recorrência do quadro seguido de condrite auricular e nasal. Essa associação distingue-se pela raridade e pelo fato de que o quadro neurológico antecedeu a policond (mais) rite. Seu reconhecimento permitiu o tratamento adequado e evolução satisfatória com corticosteróides e methotrexato. Resumo em inglês Polychondritis is a disease manifesting as an episodic inflammation of cartilagenous structures throughout the body with progressive course. We describe a patient with a presentation picture of two episodes of meningoencephalitis and after the outcome with polychondritis. Neurological involvement is rare in this disease as neurologic presenting symptoms do. The diagnostic precision was determinant for a satisfactory outcome with corticosteroids and methotrexate.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

19

Disidrose: aspectos clínicos, etiopatogênicos e terapêuticos/ Dyshidrotic eczema: clinical, etiopathogenic and therapeutic aspects

Minelli, Lorivaldo; Florião, Ryssia Alvarez; Sternick, Manoel; Gon, Airton dos Santos
2008-04-01

Resumo em português A disidrose e as erupções disidrosiformes são dermatoses vesiculosas muito freqüentes e de localização palmar e/ou plantar, de difícil tratamento e de evolução recidivante. Sua cura definitiva depende da descoberta do agente etiológico e da possibilidade de sua retirada definitiva. Fatores emocionais, atopia, medicamentos, substâncias de contato, etc. têm sido relatados como seus causadores. Além do tratamento com corticosteróides, atualmente novas drogas têm sido indicadas nos casos mais graves e/ou refratários. Resumo em inglês Dyshidrotic eczema (pompholyx) is a common, nonspecific, acute, recurrent or chronic vesicular eczematous eruption of the palms, soles, and lateral aspects of the fingers. Treatment is difficult and success depends on the recognition and elimination of the etiologic agent. Although the cause of dyshidrotic eczema is unknown, emotional stress, drugs, and various substances contacting the skin are implicated in its origin. Corticosteroids are useful in the management of dyshidrotic eczema, but new drugs and therapies have been indicated for refractory and/or more severe cases.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

20

Trombose séptica de seios cavernosos, transverso e sigmóide e de veia jugular, associada à meningite, secundária a furúnculo nasal: Relato de Caso/ Septic thrombosis of cavernous, transverse, sigmoid sinuses and jugular vein, associated with meningitis, secondary to nasal furuncle: Case report

Utida, Hélio; Abreu, Mariza Toledo de; Manso, Paulo Góis; Koller, Karine; Wang, Stephen; Leite, Carla Reichert
2002-06-01

Resumo em português Os autores descrevem um caso de furúnculo nasal que evoluiu com trombose séptica de seio cavernoso, bilateral e assimétrica, e de seios transverso e sigmóide e de veia jugular interna a esquerda, associada à meningite bacteriana, em um paciente previamente hígido. Apesar da trombose séptica extensa de seios venosos, o paciente apresentou boa evolução, após tratamento clínico agressivo com antibióticos, corticosteróides e anticoagulantes. Porém, manteve como seqüela: paresia de VI nervo à esquerda e lesão parcial de nervo óptico homolateral. Resumo em inglês The authors report a case of nasal furuncle that progressed to septic bilateral and asymmetric thrombosis of cavernous, transverse, sigmoid sinus and internal jugular vein, associated with bacterial meningitis, in a previously healthy patient. In spite of the extensive thrombosis, the patient presented a good evolution, after an aggressive clinical treatment with antibiotics, corticosteroids and anticoagulants. However, there remained paresis of the VI nerve on the left and partial lesion of the homolateral optic nerve.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

21

Nocardiose pulmonar em portador de doença pulmonar obstrutiva crônica e bronquiectasias/ Pulmonary nocardiosis in a patient with chronic obstructive pulmonary disease and bronchiectasis

Aidê, Miguel Abidon; Lourenço, Silvia Soares; Marchiori, Edson; Zanetti, Gláucia; Mondino, Pedro Juan José
2008-11-01

Resumo em português Relatamos o caso de um paciente com doença pulmonar obstrutiva crônica e bronquiectasias, em uso crônico de corticosteróides, que desenvolveu nocardiose pulmonar, sob a forma de múltiplos nódulos pulmonares escavados. Os sintomas principais foram a tosse produtiva com escarro purulento, febre e dispnéia A radiografia simples e a tomografia computadorizada do tórax mostravam nódulos em ambos os pulmões, alguns escavados. O exame direto de escarro e a cultura most (mais) raram a presença de Nocardia spp. A paciente foi tratada com imipenem e cilastatina, com excelente resposta clínica. Resumo em inglês We report the case of a patient with chronic obstructive pulmonary disease and bronchiectasis, chronically using corticosteroids, who acquired pulmonary nocardiosis, which presented as multiple cavitated nodules. The principal symptoms were fever, dyspnea and productive cough with purulent sputum. Chest X-ray and computed tomography of the chest revealed nodules, some of which were cavitated, in both lungs. Sputum smear microscopy and culture revealed the presence of Noca (mais) rdia spp. The patient was treated with imipenem and cilastatin, which produced an excellent clinical response.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

22

Osteonecrose e Síndrome da Imunodeficiência Adquirida/ Osteonecrosis and AIDS

Borjaille, Brunela P.; Brandão, Letícia R.; Hasegawa, Tatiana M.; Rosa, Renata F.; Antonio, Silvio F.; Chahade, Wiliam H.
2006-06-01

Resumo em português A osteonecrose é uma terminologia que se refere à morte celular de dois componentes do osso: a medula hematopoiética e os osteócitos. É mais freqüente em homens do que em mulheres (8:1) e a maioria dos casos acontece em pacientes abaixo dos 50 anos de idade. Pacientes infectados pelo vírus HIV encontram-se em maior risco de desenvolver osteonecrose, estando implicados como fatores predisponentes a terapêutica antiviral, ao uso de corticosteróides e outros fatores (mais) associados, comuns à população geral. Os autores fazem uma revisão dos aspectos etiológicos, clínicos, patogênicos e diagnóstico, além de aspectos relacionados a esta entidade nos enfermos infectados pelo HIV. Resumo em inglês Osteonecrosis is a generic term that refers to cell death in the two components of the bone: hematopoietic fat marrow and osteocytes. It is more frequent in men than women (8:1), with the vast majority of the cases being reported in patients under age fifty. HIV-infected patients appears to be at major risk to the development of osteonecrosis, and the predisposing factors listed are the antiretroviral therapy, corticosteroids use and others risk factors that can be encoun (mais) tered on the general population. The authors get thorough a review of the etiology, clinical picture, pathogenesis, diagnosis, and the selected aspects of this entity in HIV-infected individuals.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

23

Policondrite recidivante na infância: relato de caso e revisão da literatura/ Relapsing polychandritis in the childhood: case report and literature review

Cavalcanti, André; Barbosa, Cássia Maria P. L.; Len, Claudio Arnaldo; Terreri, Maria Teresa R. A.; Hilário, Maria Odete E.
2007-06-01

Resumo em português A policondrite recidivante é uma doença rara caracterizada por episódios recorrentes de inflamação das cartilagens articular, auricular, nasal e laringotraqueal de intensidade variável. O diagnóstico diferencial inclui as doenças difusas do tecido conjuntivo, as vasculites e as síndromes febris periódicas na infância. Relatamos o caso de um adolescente de 11 anos com artrite de joelhos, conjuntivite aguda, acometimento de orelha, nariz e vias aéreas superiores (mais) cuja doença foi controlada com o uso de corticosteróides e imunossupressores. Os achados clínicos e laboratoriais são discutidos e comparados com os dados da literatura. Resumo em inglês Relapsing polychondritis is a rare disease characterized by recurrent episodes of inflammation of the articular, auricular, nasal and laryngotracheal cartilages of variable intensity. Differential diagnosis includes connective tissue diseases, vasculitis and periodic febrile syndromes of childhood. We report a case of 11 year-old boy with knee arthritis, acute conjunctivitis, ear, nose and upper airway cartilage involvement whose disease was controlled with the use of cor (mais) ticosteroids and immunosuppressive drugs. The clinical and laboratory findings were discussed and compared with case reports from literature.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

24

Terapia tópica com pimecrolimus em lesão cutânea refratária de lúpus eritematoso sistêmico/ Topical therapy with pimecrolimus in refractory cutaneous lesion of systemic lupus erythematosus

Rangel, Leandro Vasconcellos; Santiago, Juliana de Miranda; Souza, Júlia Constança Conceição; Nascimento, Larissa Fraga Lima; Santiago, Mittermayer Barreto
2006-06-01

Resumo em português O rash do lúpus eritematoso sistêmico (LES) é usualmente tratado com corticosteróides tópicos, porém seu uso prolongado causa efeitos adversos cutâneos. Pimecrolimus é um protótipo da classe de agentes imunosupressores tópicos com grande potencial para o tratamento de doenças inflamatórias cutâneas. Terapia tópica com pimecrolimus foi aplicada em lesões cutâneas de face em um caso de LES refratária a esteróides sistêmico e tópico. Houve uma marcante re (mais) gressão das lesões de pele, após terapia com pimecrolimus. Este tratamento foi bem tolerado, sem efeitos colaterais nesta paciente. Pimecrolimus tópico parece ser uma nova ferramenta para o manejo de lesões cutâneas refratárias em LES. Resumo em inglês The rash of systemic lupus erythematosus (SLE) is usually treated with topical corticosteroids, but prolonged use causes adverse cutaneous side-effects. Pimecrolimus is a prototype of a class of topical immunosuppressive agents with great potential for the treatment of inflammatory skin diseases. Topical pimecrolimus therapy was applied to facial skin lesions in one case of SLE refractory to topical and systemic steroids. There was a marked regression of the skin lesions (mais) after pimecrolimus therapy. This treatment was well tolerated without side effects in this patient. Topical pimecrolimus seems to be a new tool for the management of refractory skin lesions in lupus erythematosus.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

25

Perfil clínico-epidemiológico de pacientes do Ambulatório de Alergia Ocular da Santa Casa de São Paulo/ Clinical and epidemiological profile of patients diagnosed and treated at the Ocular Allergy Sector at Santa Casa de São Paulo

Goulart, Denise Atique; Goulart, Dario Grechi; Cypel, Marcela Colussi; Dantas, Paulo Elias Correa; Nishiwaki-Dantas, Maria Cristina
2003-10-01

Resumo em português OBJETIVO: Traçar o perfil do paciente portador de alergia ocular baseado nos seus dados epidemiológicos, na sua resposta ao tratamento e nas complicações de sua doença. MÉTODOS: Foram analisados 172 prontuários dos pacientes com diagnóstico de ceratoconjuntivite alérgica primaveril (CCP), atópica (CCA), sazonal (CAS) e perene (CAP) e que tiveram seguimento mínimo de 6 meses no Ambulatório de Alergia Ocular do Departamento de Oftalmologia da Santa Casa de São (mais) Paulo. A análise estatística foi feita pelo método da variância e qui-quadrado. RESULTADOS: A alergia ocular mais freqüente foi a CCP (n=95; 55,2%); com predominância do sexo masculino (n=117; 68,1%). A idade média foi 11,7 anos (± 8,7 anos). Também foi a doença que mais acometeu a visão, sendo que 52,7% tiveram AV = 1,0; dos pacientes com ceratoconjuntivite atópica, 54,4% tinham AV=1,0, daqueles com conjuntivite alérgica sazonal, 75% e daqueles com conjuntivite alér-gica perene, 100% tinham AV=1,0. 96,8% dos portadores de ceratoconjuntivite alérgica primaveril apresentaram maior freqüência das crises no calor, e 91,4% dos portadores de ceratoconjuntivite alérgica atópica no frio. As alterações corneais foram mais freqüentes nos pacientes com ceratoconjuntivite alérgica primaveril, com ceratite presente em 57 pacientes (60,0%). Entre as medicações usadas, 21,6% (n=45) precisaram de corticosteróides, sendo que 36,8% destes pacientes portavam conjuntivite alérgica perene (n=35). O cromoglicato dissódico foi, dentre as demais medicações, a que em mais pacientes pareceu controlar os sintomas, com algum sucesso, em todas as formas de alergia ocular. A ressecção de papilas gigantes com transplante autólogo de conjuntiva foi feita em oito pacientes, sendo sete deles portadores de ceratoconjuntivite alérgica primaveril e um de ceratoconjuntivite alérgica atópica. CONCLUSÕES: Ceratoconjuntivite alérgica primaveril é o tipo de conjuntivite alérgica mais freqüente em nosso serviço. A droga mais eficaz na nossa experiência parece ser o cromoglicato dissódico, sendo que os corticosteróides são potentes agentes antiinflamatórios que, nestes pacientes, muitas vezes são as únicas drogas capazes de fazer cessar as crises. Resumo em inglês PURPOSE: To establish a profile of the allergic patient based on clinical manifestations, epidemiological data, treatment response and complications of ocular allergy. METHODS: A retrospective and descriptive study, in which we analyzed data of 172 patients suffering from perennial conjunctivitis, seasonal conjunctivitis, atopic keratoconjunctivitis and vernal keratoconjunctivitis, with at least 6 months of follow-up. The study was performed at the Ocular Allergy Sector o (mais) f the "Santa Casa de São Paulo". Statistical analysis was performed using variance method and qui-square test. RESULTS: The most frequent form of ocular allergy was vernal keratoconjunctivitis (n=95; 55.2%) and the male sex was predominant (n=117; 68.1%). Mean age was 111.7 years (± 8.7). Vernal keratoconjunctivitis was the disease that most impaired vision, also responsible for corneal complications in 60% of the patients (n=57). Among medications, corticosteroids were used by 21.6% (n=45) of patients and 36.8% of them had vernal keratoconjunctivitis. Disodium cromoglycate was not only the most used medication, but able to successfully control symptoms in most cases. Papilla resection with autologous transplantation had to be performed in 8 patients. CONCLUSIONS: Vernal keratoconjunctivitis showed to be the most frequent form of ocular allergy in our service. The most efficient drug in our experience seemed to be disodium cromoglycate. Corticosteroids were shown to be as potent anti-inflammatory drugs and sometimes were the only way to discontinue crises.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

26

Urticária/ Urticaria

Criado, Paulo Ricardo; Criado, Roberta Fachini Jardim; Maruta, Celina W.; Martins, Jose Eduardo Costa; Rivitti, Evandro A.
2005-12-01

Resumo em português A urticária apresenta-se com diversas formas clínicas e causas distintas. Constitui uma das dermatoses mais freqüentes: 15% a 20% da população têm pelo menos um episódio agudo da doença em sua vida, resultando em percentual que varia de um a 2% dos atendimentos nas especialidades de Dermatologia e Alergologia. A urticária é classificada do ponto de vista de duração da evolução temporal em aguda (inferior a seis semanas) ou crônica (superior a seis semanas). (mais) O tratamento da urticária pode compreender medidas não farmacológicas e intervenções medicamentosas, as quais são agrupadas em tratamentos de primeira (anti-histamínicos), segunda (corticosteróides e antileucotrienos) e terceira linha (medicamentos imunomoduladores). As medidas terapêuticas de segunda e terceira linha apresentam maiores efeitos adversos, devendo ser reservadas aos doentes que não apresentaram controle da doença com os de primeira linha, ou àqueles a respeito dos quais não é possível estabelecer uma etiologia, tal como nas urticárias auto-imunes. Resumo em inglês Urticaria has diverse clinical presentations and causes. It is one of the most frequent dermatological conditions: 15% to 20% of population has at least one acute eruption during their lifetime, resulting in 1% to 2% of dermatological and allergological visits. Urticaria is classified based on its temporal evolution as acute (less than 6 weeks) or chronic (more than 6 weeks). Management strategies may involve non-pharmacological measures and drug interventions, which are (mais) grouped into first- (antihistamines), second- (corticosteroids and anti-leukotrienes) and third-line therapies (immunomodulators). Stronger, but potentially riskier, second- and third-line management may be justified for patients who do not respond to first-line therapy, or whenever a specific etiology cannot be determined, such as in autoimmune urticaria.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

27

Papel da pressão inspiratória máxima na avaliação da força muscular respiratória em asmáticos - Revisão sistemática/ Role of maximal inspiratory presure in the evaluetion of respiratory muscle strength in asthmatics - Systematic review

Marcelino, Alessandra MF Cavalcante; Silva, Hilton Justino da
2010-06-01

Resumo em português A asma é uma doença crónica das vias aéreas que pode levar à diminuição da força muscular respiratória pela hiperinsuflação resultante ou o uso de corticosteróides em seu tratamento. Uma das formas de avaliar essa fraqueza muscular respiratória é a pressão inspiratória máxima (PImáx). Métodos: Foi realizada uma revisão sistemática através das bases de dados PUBMED/ MEDLINE, LILACS e SCIELO, utilizando as palavras-chaves: Asthma (asma), respiratory mu (mais) scle (músculos respiratórios) e muscle strength (força muscular). Resultados: Foram encontrados cinquenta e seis artigos que avaliaram a PImáx em asmáticos; desses, trinta foram excluídos, ficando um total de vinte e seis artigos. Considerações finais: Através da presente revisão comprovamos a eficácia da utilização da Pimáx na avaliação da força muscular respiratória de asmáticos; no entanto, são necessários mais estudos a este respeito, para uma melhor compreensão do indivíduo asmático. Resumo em inglês Asthma is a chronic illness of the airways that can reduce respiratory muscle strength due to the resulting hyperinflation or treatment with corticosteroids. One of the ways to evaluate this respiratory muscular weakness is the Maximal Inspiratory Pressure (PImax). Methods: A systematic review of the databases PUBMED/MEDLINE, LILACS and SCIELO was carried through, using the key words: Asthma, respiratory muscle and muscle strength. Results: Fifty were found and six articl (mais) es that evaluated the PImax in asthmatics, from these, thirty were excluded, making a total of twenty six articles. Final considerations: Through the present revision we show the effectiveness of PImax in evaluating respiratory muscle strength in asthmatics. More studies are needed, however, fot better understanding of the asthmatic individual.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

28

Erupção liquenóide: secundária ao uso de adalimumabe?/ Lichenoid eruption: secondary to adalimumab?

Goldschmidt, Maria Cristina Bezzan; Zaniboni, Mariana Colombini; Provenza, José Roberto; Arruda, Lúcia
2008-04-01

Resumo em português O adalimumabe é um anticorpo recombinante monoclonal IgG1, completamente humano, que se liga especificamente ao fator de necrose tumoral alfa (TNF-a) e neutraliza sua atividade. Relatamos aqui um caso de erupção liquenóide secundária ao uso de adalimuma-be em uma paciente com artrite reumatóide. O quadro melhorou após a suspensão do adalimumabe, com recidiva à reintrodução do medicamento e nova melhora após a suspensão definitiva deste. Embora a paciente esti (mais) vesse recebendo, concomitantemente ao adalimumabe, metotrexate, corticosteróides e outras drogas, não houve suspensão ou modificação das medicações, exceto o adalimumabe durante todo o período. A ocorrência de erupção liquenóide com o uso do adalimumabe é um evento não esperado, uma vez que, na imunopatologia do líquen plano, o papel do TNF-a parece ser o de propagador da doença. Desse modo, esperaria-se que drogas anti-TNF-a pudessem ser usadas no tratamento do líquen plano e não que atuassem como indutoras desta condição. Resumo em inglês Adalimumab is a recombinant, fully human IgG1 monoclonal antibody that binds specifically to human TNF-a and neutralizes the activity of this cytokine. We report herein the case of a lichenoid eruption with the use of adalimumab in a patient with rheumatoid arthritis. The eruption improved after interruption of adalimumab, with recurrence at the reintroduction and improvement again with definitive suspension. Although this patient was receiving concomitant adalimumab with (mais) methotrexate, corticosteroids and other drugs, these medications except the adalimumab were not discontinued or modified at any moment during the period. The occurrence of lichenoid eruption with adalimumab is a not expected event since the function of the TNF-a in the immunopathology of lichen planus seems to be as a propagator of disease. This way, we would expect that drugs with anti-TNF-a effect would not act as inductors of lichen planus but could be used in its treatment.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

29

Ciclosporina versus tacrolimus no transplante renal no Brasil: uma comparação de custos/ Cyclosporine versus tacrolimus in kidney transplants in Brazil: a cost comparison

Guerra Junior, Augusto Afonso; Acúrcio, Francisco de Assis; Andrade, Eli Iola Gurgel; Cherchiglia, Mariângela Leal; Cesar, Cibele Comini; Queiroz, Odilon Vanni de; Silva, Grazielle Dias da
2010-01-01

Resumo em português No Brasil, o Sistema Único de Saúde (SUS) é responsável maioria dos transplantes renais. Para a manutenção dessas intervenções, os protocolos recomendam uso da ciclosporina ou tacrolimus, associado com corticosteróides e azatioprina ou micofenolato. Na perspectiva do SUS, realizou-se análise econômica sobre recursos ambulatoriais, hospitalares e medicamentos utilizados por paciente e grupo terapêutico. Foi construída coorte de 2000 a 2004, com 5.174 pacientes (mais) em transplantes renais e em uso de ciclosporina ou tacrolimus, identificados por relacionamento probabilístico em registros do SUS. A coorte continha 4.015 pacientes em uso de ciclosporina e 1.159 com tacrolimus. A maioria era do sexo masculino, idade 24 meses antes do transplantes renais e no grupo do tacrolimus. Constatou-se maior gasto total com recursos hospitalares, ambulatoriais e medicamentos para os transplantes renais em pacientes com esquemas com tacrolimus, quando comparados com o grupo da ciclosporina. Resumo em inglês In Brazil, the Unified National Health System (SUS) is responsible for the majority of kidney transplants. To maintain these interventions, the guidelines recommend the use of cyclosporine or tacrolimus, associated with corticosteroids and azathioprine or mycophenolate. Taking the perspective of the National Health System, an economic analysis was performed on the outpatient and hospital resources and medicines used by patient and therapeutic group. A cohort was construct (mais) ed from 2000 to 2004, with 5,174 kidney transplant patients in use of cyclosporine or tacrolimus, identified by probabilistic record linkage from the National Health System. The cohort included 4,015 patients in use of cyclosporine and 1,159 using tacrolimus. The majority were males, age 24 months before the transplant, and in the tacrolimus group. Total hospital and outpatient costs and expenditure on medication were higher in patients on tacrolimus as compared to the cyclosporine group.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

30

Ciclosporina versus tacrolimus no transplante renal no Brasil: uma comparação de custos/ Cyclosporine versus tacrolimus in kidney transplants in Brazil: a cost comparison

Guerra Junior, Augusto Afonso; Acúrcio, Francisco de Assis; Andrade, Eli Iola Gurgel; Cherchiglia, Mariângela Leal; Cesar, Cibele Comini; Queiroz, Odilon Vanni de; Silva, Grazielle Dias da
2010-01-01

Resumo em português No Brasil, o Sistema Único de Saúde (SUS) é responsável maioria dos transplantes renais. Para a manutenção dessas intervenções, os protocolos recomendam uso da ciclosporina ou tacrolimus, associado com corticosteróides e azatioprina ou micofenolato. Na perspectiva do SUS, realizou-se análise econômica sobre recursos ambulatoriais, hospitalares e medicamentos utilizados por paciente e grupo terapêutico. Foi construída coorte de 2000 a 2004, com 5.174 pacientes (mais) em transplantes renais e em uso de ciclosporina ou tacrolimus, identificados por relacionamento probabilístico em registros do SUS. A coorte continha 4.015 pacientes em uso de ciclosporina e 1.159 com tacrolimus. A maioria era do sexo masculino, idade 24 meses antes do transplantes renais e no grupo do tacrolimus. Constatou-se maior gasto total com recursos hospitalares, ambulatoriais e medicamentos para os transplantes renais em pacientes com esquemas com tacrolimus, quando comparados com o grupo da ciclosporina. Resumo em inglês In Brazil, the Unified National Health System (SUS) is responsible for the majority of kidney transplants. To maintain these interventions, the guidelines recommend the use of cyclosporine or tacrolimus, associated with corticosteroids and azathioprine or mycophenolate. Taking the perspective of the National Health System, an economic analysis was performed on the outpatient and hospital resources and medicines used by patient and therapeutic group. A cohort was construct (mais) ed from 2000 to 2004, with 5,174 kidney transplant patients in use of cyclosporine or tacrolimus, identified by probabilistic record linkage from the National Health System. The cohort included 4,015 patients in use of cyclosporine and 1,159 using tacrolimus. The majority were males, age 24 months before the transplant, and in the tacrolimus group. Total hospital and outpatient costs and expenditure on medication were higher in patients on tacrolimus as compared to the cyclosporine group.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

31

Corticóide inalatório: efeitos no crescimento e na supressão adrenal/ Inhaled corticosteroids: effects on growth and adrenal suppression

Arend, Elisete E.; Fischer, Gilberto Bueno; Mocelin, Helena; Medeiros, Lídia
2005-08-01

Resumo em português Este artigo é uma revisão da literatura médica sobre os corticosteróides inalatórios e seus efeitos no crescimento e na supressão adrenal em crianças e adolescentes. Utilizaram-se o Medline e artigos publicados em jornais científicos nacionais e internacionais, principalmente nos últimos cinco anos, para a revisão da literatura. Há controvérsias acerca dos efeitos colaterais dos corticóides inalatórios. Nos 21 estudos sobre crescimento e uso de corticóides (mais) inalatórios, notou-se que houve diferença significativa no primeiro ano (retardo de 1 a 1,5 cm) quando se utilizou principalmente beclometasona e budesonida inalatórias, mas não se verificou diferença na altura final adulta quando estudos de mais longa duração foram conduzidos, fazendo-se relação com a altura dos pais. Entretanto, em dez artigos sobre uso de corticóide inalatório e supressão adrenal, foram relatadas hipoglicemia, parada de ganho de peso e altura, e alterações nos exames de cortisol sérico matinal e urinário de 24 h, principalmente com uso de doses altas de corticóide inalatório. Corticóides inalatórios podem diminuir o crescimento no primeiro ano de uso, mas não a altura final adulta. São necessárias mais pesquisas com longo tempo de acompanhamento de crianças em uso de corticóide inalatório para se avaliar o impacto sobre o crescimento final. Monitorar a altura é uma medida para se avaliar eficácia e segurança no uso de corticóide inalatório em crianças. Exames que avaliam o eixo hipotalâmico pituitário adrenal e a insuficiência adrenal devem ser correlacionados com sintomas clínicos ou efeitos colaterais. Resumo em inglês This is a review of the medical literature regarding inhaled corticosteroids and their effects on growth and adrenal suppression in children and adolescents. A review of the literature, principally that published over the last five years, was conducted using Medline and searching indexes of articles published in national and international scientific journals. There is considerable controversy regarding the side effects of inhaled corticosteroids. In 21 studies evaluating (mais) the effect that inhaled corticosteroids have on growth, a statistically significant reduction (growth retarded by 1-1.5 cm) was observed within the first year of treatment with Beclomethasone or Budesonide inhalers. However, in studies of longer duration, no significant difference was found between final adult height and adult height of the parents. However, in ten studies of the use of inhaled corticosteroids and their effect on adrenal suppression, hypoglycemia and arrested development (no height or weight gains), as well as changes in morning serum levels and 24-h urinary levels of cortisol, were reported, especially when high doses of inhaled corticosteroids were used. Inhaled corticosteroids can reduce growth during the first year of use but do not affect adult height. However, further long-term studies are needed in order to determine the full impact of inhaled corticosteroids on final adult height. Height measures are a means of evaluating the safety and efficacy of the use of inhaled corticosteroids in children. Tests that evaluate the hypothalamic-pituitary-adrenal axis and adrenal insufficiency should be correlated with clinical symptoms and side effects.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

32

Adiaspiromicose pulmonar tratada sem antifúngicos/ Pulmonary adiaspiromycosis treated without antifungal drugs

Silva, Rodolfo Moraes; Liporoni, Gisele Alves; Botto, Ciro Castro; Rodrigues, Belini Coli; Scudeler, Donizete; Cunha Junior, Wilson
2010-02-01

Resumo em português Relata-se caso de lavrador de 40 anos acometido por adiaspiromicose pulmonar, com diagnóstico etiológico estabelecido mediante biópsia por toracoscopia. Optou-se por tratamento com corticosteróide, sem antifúngicos, tendo o paciente respondido bem, com melhora clínico-radiológica após três semanas do início dos sintomas. Resumo em inglês The case of a 40-year-old agricultural worker affected by pulmonary adiaspiromycosis is reported. An etiological diagnosis had been established by means of a biopsy via thoracoscopy. Treatment with corticosteroids without antifungal drugs was chosen, and the patient responded well to this, with improvements in clinical and radiological conditions three weeks after the beginning of the symptoms.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

33

Lúpus eritematoso sistêmico bolhoso associado à nefrite lúpica: relato de dois casos/ Bullous systemic lupus erythematosus associated with lupus nephritis: report of two cases

Cato, Ellen Erie; Lima, Alciara de Sousa; Pontes, Alexandre L. Lourenço; Vannucci, Andrea Barranjard; Levites, Jacob
2007-02-01

Resumo em português O lúpus eritematoso sistêmico bolhoso é reconhecido como entidade distinta relacionada à auto-imunidade contra colágeno VII. Em alguns casos, a presença de doença bolhosa coincide com a exacerbação do lúpus eritematoso sistêmico, especialmente da nefrite lúpica. São descritos dois casos de mulheres jovens com erupção vésico-bolhosa em áreas expostas e não expostas ao sol associada à nefrite lúpica. O diagnóstico foi comprovado pela histopatologia e im (mais) unofluorescência direta características. O tratamento com corticosteróide e dapsona costuma ser eficiente. Resumo em inglês Bullous systemic lupus erythematosus is recognized as a distinct entity related to autoimmunity to type VII collagen. In some cases, the flare of bullous disease coincides with the exacerbation of systemic lupus erythematosus, and especially lupus nephritis. Two cases of young female patients with vesiculobullous eruption on sun-exposed and non-exposed areas associated to lupus nephritis are described. Diagnosis was proved by characteristic histopathology and direct immunofluorescence. Corticosteroids and dapsone therapy may be effective.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

34

Uso do rituximabe para o tratamento da plaquetopenia do lúpus eritematoso sistêmico: eficácia clínica e efeito nas moléculas de co-estimulação/ Use of rituximab for the treatment of systemic lupus erythematosus' thrombocytopenia: clinical efficacy and costimulatory molecules effect

Santiago, Mittermayer B.; Reis, Eliana A. G.; Lima, Isabella; Reis, Mitermayer G.
2006-04-01

Resumo em português Plaquetopenia é uma complicação não raramente vista no contexto do lúpus eritematoso sistêmico (LES). O seu tratamento inclui o uso de corticosteróide, imunossupressores, imunoglobulina humana e, eventualmente, esplenectomia. Descreve-se um caso de LES com plaquetopenia persistente a despeito do uso de prednisona e azatioprina, que respondeu satisfatoriamente ao uso de rituximabe (RTX). O estudo de citometria de fluxo mostrou depleção dos linfócitos B do sangue (mais) periférico, assim como uma queda das moléculas de co-estimulação após o uso da medicação. Não foi observado efeito colateral relacionado à infusão da substância. Dessa forma, o RTX parece estar indicado para casos selecionados de LES com plaquetopenia de difícil controle. Resumo em inglês Thrombocytopenia is not a rare complication in patients with systemic lupus erythematosus (SLE). Its treatment includes the use of corticosteroids, immunosuppressive drugs, intravenous immunoglobulin and, eventually, splenectomy. We describe a SLE patient with persistent thrombocytopenia despite of the use of prednisone and azathioprine that improved after infusion of rituximab (RTX). Flow cytometry analysis revealed depletion of B cells from the peripheral blood as well (mais) as a decrease in costimulatory molecules after the administration of the medication. Side effects related to the infusion were not observed. It suggests that RTX may be indicated in selected cases of SLE with thrombocytopenia of difficult control.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

35

Assistência à saúde e mortalidade de recém-nascidos de muito baixo peso/ Health care and mortality of very-low-birth-weight neonates

Carvalho, Ana Berenice Ribeiro de; Brito, Ângela Sara Jamusse de; Matsuo, Tiemi
2007-12-01

Resumo em português OBJETIVO: Analisar a mortalidade intra-hospitalar dos recém-nascidos de muito baixo peso, considerando a evolução clínica e os fatores associados à mortalidade. MÉTODOS: Estudo longitudinal que incluiu 360 recém-nascidos com peso entre 500 e 1.500g, em Londrina, Paraná, de 1/1/2002 a 30/6/2004. Os dados foram coletados por meio de entrevistas com as mães, análise dos prontuários e acompanhamento dos recém-nascidos. Para determinação de associação entre as (mais) variáveis utilizou-se o teste do qui-quadrado e análise de regressão logística com modelo hierarquizado, com nível de significância de 5%. RESULTADOS: A taxa de mortalidade foi de 32,5%. Na análise bivariada, as variáveis associadas ao óbito oram: não uso de corticosteróide antenatal, ausência de hipertensão arterial/pré-eclampsia, presença de trabalho de parto, parto normal, apresentação não cefálica, Apgar 5, reanimação na sala de parto, sexo masculino, idade gestacional Resumo em inglês OBJECTIVE: To assess inpatient mortality rate of very-low-birth-weight neonates, their clinical progression and factors associated with mortality. METHODS: Longitudinal study including 360 neonates weighing 500-1500 g who were born in Londrina, Southern Brazil, from January 1, 2002 to June 30, 2004. Data were collected through interviews with the mothers and from medical records and follow-up of neonates during hospitalization. Chi-square test was used to determine the as (mais) sociation between variables. Statistically significant variables were selected to the logistic regression model and the level of significance adopted was 5%. RESULTS: Mortality rate was 32.5%. In bivariate analysis, the following variables were associated with death: no prenatal use of corticosteroids; no hypertension/preeclampsia; labor; vaginal delivery; non-cephalic presentation; Apgar scores 5; male sex; weight

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

36

Assistência à saúde e mortalidade de recém-nascidos de muito baixo peso/ Health care and mortality of very-low-birth-weight neonates

Carvalho, Ana Berenice Ribeiro de; Brito, Ângela Sara Jamusse de; Matsuo, Tiemi
2007-12-01

Resumo em português OBJETIVO: Analisar a mortalidade intra-hospitalar dos recém-nascidos de muito baixo peso, considerando a evolução clínica e os fatores associados à mortalidade. MÉTODOS: Estudo longitudinal que incluiu 360 recém-nascidos com peso entre 500 e 1.500g, em Londrina, Paraná, de 1/1/2002 a 30/6/2004. Os dados foram coletados por meio de entrevistas com as mães, análise dos prontuários e acompanhamento dos recém-nascidos. Para determinação de associação entre as (mais) variáveis utilizou-se o teste do qui-quadrado e análise de regressão logística com modelo hierarquizado, com nível de significância de 5%. RESULTADOS: A taxa de mortalidade foi de 32,5%. Na análise bivariada, as variáveis associadas ao óbito oram: não uso de corticosteróide antenatal, ausência de hipertensão arterial/pré-eclampsia, presença de trabalho de parto, parto normal, apresentação não cefálica, Apgar 5, reanimação na sala de parto, sexo masculino, idade gestacional Resumo em inglês OBJECTIVE: To assess inpatient mortality rate of very-low-birth-weight neonates, their clinical progression and factors associated with mortality. METHODS: Longitudinal study including 360 neonates weighing 500-1500 g who were born in Londrina, Southern Brazil, from January 1, 2002 to June 30, 2004. Data were collected through interviews with the mothers and from medical records and follow-up of neonates during hospitalization. Chi-square test was used to determine the as (mais) sociation between variables. Statistically significant variables were selected to the logistic regression model and the level of significance adopted was 5%. RESULTS: Mortality rate was 32.5%. In bivariate analysis, the following variables were associated with death: no prenatal use of corticosteroids; no hypertension/preeclampsia; labor; vaginal delivery; non-cephalic presentation; Apgar scores 5; male sex; weight

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

37

Síndrome CINCA: um diagnóstico diferencial da artrite idiopática juvenil/ CINCA syndrome: a differential diagnosis of the juvenile idiopathic arthritis

Naka, Erica Naomi; Leme, Ligia Maria; Quilião, Maria Eulina
2007-08-01

Resumo em português A síndrome CINCA (crônico-infantil-neurológica-cutâneaarticular) é uma enfermidade inflamatória multissistêmica rara, de início no período neonatal e caracterizada por febre, exantema cutâneo, envolvimento articular e do sistema nervoso central. É também conhecida pela literatura médica norte-americana como NOMID (doença multissistêmica inflamatória de início neonatal). Relatamos o caso de uma criança de 3 anos de idade admitida em nosso serviço com his (mais) tória de febre e exantema cutâneo desde o período neonatal. Apresentou crises convulsivas no sexto mês de vida e artrite simétrica de joelhos desde o nono mês. Na admissão, mostrava-se toxemiada, pálida, com um exantema maculopapular generalizado e artrite de joelhos e tornozelos. Apresentava ainda retardo de crescimento e desenvolvimento. Achados laboratoriais incluíram anemia, leucocitose, trombocitose, níveis elevados de proteína C reativa e meningite asséptica no exame do liquor. Os outros exames foram negativos. Os achados radiográficos dos joelhos, quadris e tornozelos foram anormais. A criança recebeu tratamento com antiinflamatório não hormonal, corticosteróide e metotrexato, com melhora apenas da dor e da febre. A etiologia da síndrome CINCA permanece desconhecida e nenhum tratamento tem se mostrado eficaz. Essa doença deve ser distinguida da forma sistêmica da artrite idiopática juvenil (AIJ), o principal diagnóstico diferencial. Resumo em inglês CINCA syndrome (chronic-infantile-neurological-cutaneousarticular) is a rare multisystemic inflammatory disease with neonatal onset characterized by fever, skin rash, articular, and central nervous system involvement. This syndrome is known in the North American medical literature as infantile onset multisystem inflammatory disease (NOMID). We describe the case of a 3-yearold child admitted in our service with fever and skin rash since the neonatal period. She presented s (mais) eizures at 6 months-old and bilateral arthritis of the knees since her 9 months. On admission she looked sick, pale and presented generalized erythematosus maculopapular rash, arthritis of the knees and ankles. She presented growth and mental retardation too. Laboratory Endings included anemia, leukocytosis, thrombocytosis, elevated C-reactive protein levels and the examination Endings from the cerebrospinal fluid showed an aseptic meningitis. Other test results were negative. Radiographs of the knees, hips and ankles revealed abonrmalities. The child received treatment with nonsteroidal anti-inflammatory drugs, corticosteroids and methotrexate, with partial response to treatment, leading to improvement in pain and fever defervescence. The etiology of CINCA syndrome remains unknown and no single treatment has been found to be effective. This disease should be distinguished from systemic onset juvenile idiophatic arthritis (JIA), the main differential diagnosis.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

38

Vasculite necrotizante como manifestação de hipersensibilidade ao propiltiouracil/ Necrotizing vasculitis as a manifestation of hypersensitivity to propylthiouracil

Dinato, Sandra Lopes Mattos e; Dinato, Mauro Cesar; Dinato, Marcelo Mattos e; Ribeiro, Marcela Castro M.; Yamashiro, Cintia Yukimi; Romiti, Ney
2009-04-01

Resumo em português O propiltiouracil (PTU), droga empregada no tratamento do hipertireoidismo, pode provocar reações adversas em 3% a 12% dos pacientes, desde reações leves e frequentes, até quadros incomuns, graves e fatais. Relata-se o caso de um paciente de 14 anos de idade, em uso de PTU há três anos, que apresentou febre, bolhas hemorrágicas e úlceras necróticas, evoluindo com lesões purpúricas e nódulos violáceos em membros inferiores. A avaliação laboratorial e histol (mais) ógica mostrou-se compatível com vasculite cutânea leucocitoclástica, padrão encontrado nas vasculites por reação de hipersensibilidade. Após a retirada da droga antitireoidiana e a introdução de prednisona, houve regressão progressiva das lesões cutâneas. A importância deste estudo é alertar sobre a ocorrência desta grave manifestação cutâneo-sistêmica (vasculite), por droga de uso frequente em medicina interna, cuja taxa de mortalidade é de 10%. É obrigatório o diagnóstico precoce, visando à retirada da droga suspeita, e, se necessário, ao uso de corticosteroides e/ou imunossupressores. Resumo em inglês Propylthiouracil (PTU), a thyonamide class drug commonly used to treat hyperthyroidism has been reported to cause adverse reactions in 3% to 12% of patients. The side effects have been described more frequently as mild, but ocasionally severe fatal reactions may occur. We report the case of a fourteen years old patient in use of PTU for the last three years who presented with fever, hemorrhagic blisters, necrotic ulcers, and that developed purpuric lesions and nodules in (mais) lower extremities. Laboratory and histopathologic findings were compatible with skin leukocytoclastic vasculitis, a pattern found in hypersensitivity reaction vasculitis. Suspension of PTU and introduction of prednisone, induced complete remission of symptoms and healing of the skin lesions. The importance of this study is to call attention to the occurrence of serious cutaneous manifestation with a mortality rate that might reach 10%, associated with a systemic drug frequently used in internal medicine. Early diagnosis and withdrawal of the suspected medication is mandatory. Administration of corticosteroids and/or immunosuppressives agents must be considered.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

39

Vacinação contra febre amarela em pacientes com diagnósticos de doenças reumáticas, em uso de imunossupressores/ Vaccination against yellow fever among patients on immunosuppressors with diagnoses of rheumatic diseases

Mota, Licia Maria Henrique da; Oliveira, Ana Cristina Vanderley; Lima, Rodrigo Aires Corrêa; Santos-Neto, Leopoldo Luiz dos; Tauil, Pedro Luiz
2009-02-01

Resumo em português A febre amarela é endêmica em alguns países. A vacina, único modo eficaz de proteção, é contra-indicada em pacientes imunocomprometidos. Nosso objetivo é relatar uma série de casos de pacientes reumatológicos, usuários de imunossupressores, vacinados contra a doença. Foi feito um estudo retrospectivo, por meio de questionário aplicado em pacientes reumatológicos medicados com imunossupressores, vacinados 60 dias antes da investigação. Foram avaliados 70 pa (mais) cientes, com idade média de 46 anos, 90% mulheres, portadores de artrite reumatóide (54), lupus eritematoso sistêmico (11), espondiloartropatias (5) e esclerose sistêmica (2). Os esquemas terapêuticos incluíam metotrexato (42), corticoesteróides (22), sulfassalazina (26), leflunomida (18), ciclofosfamida (3) e imunobiológicos (9). Dezesseis (22,5%) pacientes relataram efeitos adversos menores. Dentre os 8 pacientes, em uso de imunobiológicos, apenas um apresentou efeito adverso, leve. Entre pacientes em uso de imunussopressores, reações adversas não foram mais freqüentes do que em imunocompetentes. Este é o primeiro estudo sobre o tema. Resumo em inglês Yellow fever is endemic in some countries. The anti-yellow fever vaccine is the only effective means of protection but is contraindicated for immunocompromised patients. The aim of this paper was to report on a case series of rheumatological patients who were using immunosuppressors and were vaccinated against this disease. This was a retrospective study by means of a questionnaire applied to these patients, who were vaccinated 60 days before the investigation. Seventy pa (mais) tients of mean age 46 years were evaluated. Most of them were female (90%). There were cases of rheumatoid arthritis (54), systemic lupus erythematosus (11), spondyloarthropathy (5) and systemic sclerosis (2). The therapeutic schemes included methotrexate (42), corticosteroids (22), sulfasalazine (26), leflunomide (18), cyclophosphamide (3) and immunobiological agents (9). Sixteen patients (22.5%) reported some minor adverse effect. Among the eight patients using immunobiological agents, only one presented a mild adverse effect. Among these patients using immunosuppressors, adverse reactions were no more frequent than among immunocompetent individuals. This is the first study on this topic.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

40

Uso de infliximabe na policondrite recidivante/ Infliximab in relapsing polychondritis

Barros, Ana Paula Soares de; Nakamura, Nilton Akeshi; Santana, Thiara de Freitas Borges; Motta, Janaina Queiroz dos Santos; Bianchi, Washington Alves
2010-04-01

Resumo em português Policondrite Recidivante (PR) é uma doença sistêmica rara de etiologia desconhecida, que se caracteriza por inflamação recorrente da cartilagem e de outros tecidos conjuntivos, incluindo orelhas, nariz, articulações e trato respiratório. Devido à riqueza de sinais e sintomas, a biópsia local raramente é necessária para o estabelecimento do diagnóstico. O tratamento inclui glicocorticoides, eventualmente associado a agentes imunossupressores, mas, mesmo assim, (mais) casos refratários são descritos. Relatos recentes sugerem que agentes anti-TNF como infliximabe podem ser de valia em pacientes que não respondem ao tratamento convencional, mas a experiência ainda é limitada. Neste trabalho, os autores discutem o caso de uma paciente com PR que se mostrará refratária à combinação de corticoide e imunossupressores que apresentou boa resposta ao infliximabe. Resumo em inglês Relapsing Polychondritis (RP) is a rare systemic disease of unknown etiology, characterized by recurrent inflammation of cartilaginous structures and other connective tissues, including the ears, nose, joints, respiratory tract, and others. Due to the presence of typical signs and symptoms, biopsy is seldom necessary. Treatment includes corticosteroids, occasionally associated with immunosuppressive agents, but refractory cases are described. Recent reports suggest that a (mais) nti-TNF agents, such as infliximab, may be of value in patients who do not respond to conventional therapy, but experience with this treatment is scarce. In this paper, the authors report the case of a patient with RP refractory to combined treatment with corticosteroids and immunosuppressive agents, who showed a good response to infliximab.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

41

Uso de corticóide sistêmico e intravítreo na inflamação secundária a cisticercose intra-ocular: relato de caso/ The use of systemic and intravitreous steroid in inflammation secondary to intraocular cysticercosis: case report

Pantaleão, Gleisson Rezende; Souza, André Dal Sasso Borges de; Rodrigues, Eduardo Büchele; Coelho, Adriana Isabel
2007-12-01

Resumo em português A cisticercose é uma parasitose causada por ovos de Taenia solium, que pode acometer diversos tecidos como coração, músculo esquelético, cérebro e olhos. Neste estudo será descrito o caso de um paciente de 62 anos do sexo masculino encaminhado com queixa de baixa acuidade visual progressiva no olho direito há dois meses. O exame biomicroscópico e ultra-sonográfico permitiu o diagnóstico ocular de cisticercose intravítrea. Foi realizada cirurgia de vitrectomia (mais) via pars plana para remoção do parasita e no intra-operatório ocorreu ruptura do cisto com extravasamento intravítreo. Durante o procedimento foram injetadas 400 microgramas de dexametasona intravítreo e prescrito 60 mg/dia de prednisona via oral por 14 dias. O paciente evoluiu com recuperação visual e acuidade visual final de 20/25, retina aplicada e vítreo claro. Em conclusão, farmacoterapia com corticóide intravítreo associada à terapia com corticóide sistêmico pode ser considerada como alternativa a ser associada para o controle inflamatório após cirurgia vitreorretiniana de cisticercose ocular. Resumo em inglês Cysticercosis is a parasitosis caused by Taenia solium eggs that could affect several tissues, such as heart, skeletal muscles, brain and eyes. This study describes the case of a 62-year-old male who complained of progressively loss of vision in his right eye for two months. Slit-lamp and ultrasound exams suggested a diagnosis of intravitreous cysticercosis. The patient underwent pars plana vitrectomy to remove the intravitreous parasite. Intraoperatively the cyst rupture (mais) d and leaked into the vitreous cavity. Therefore, 400 µg of intravitreous dexamethasone was injected intraoperatively, and 60 mg/day of prednisone PO was prescribed for 14 days. The post-operative best corrected visual acuity was 20/25, the retina was attached and vitreous remained clear. In conclusion, drug therapy with intravitreous corticosteroids associated with systemic steroids showed to be an alternative approach to control inflammation following vitreoretinal surgery.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

42

Uso de corticosteroide na síndrome do desconforto respiratório agudo em pacientes pediátricos/ Corticosteroids therapy in pediatric acute respiratory distress syndrome

Barbosa, Maria Clara de Magalhães; Barbosa, Arnaldo Prata; Rocco, Patricia Rieken Macêdo
2010-12-01

Resumo em português A terapia com corticosteroide na lesão pulmonar aguda e na síndrome do desconforto respiratório agudo é um dos temas mais controversos na literatura. Apesar de o corticosteroide ser amplamente utilizado na faixa etária pediátrica, os estudos com corticosteroide na lesão pulmonar aguda/síndrome do desconforto respiratório agudo são restritos a adultos. Esse artigo realiza uma revisão crítica dos estudos experimentais e clínicos sobre a utilização de corticos (mais) teroide na síndrome do desconforto respiratório agudo, procurando apontar os prováveis riscos e benefícios da sua utilização em pediatria. Para tal, foi realizada ampla revisão da literatura, de 1980 a 2010, incluindo artigos experimentais e clínicos, bem como metanálises, usando-se o banco de dados do Medline, Registro Central da Cochrane de ensaios clínicos controlados, banco de dados de revisões sistemáticas da Cochrane, SciELO, LILACS e BIREME. As palavras chaves utilizadas foram: lesão pulmonar aguda, síndrome do desconforto respiratório agudo, corticosteroides, criança, ensaios clínicos, metanálises, revisões e relato de casos. A corticoterapia na lesão pulmonar aguda/síndrome do desconforto respiratório agudo foi associada à redução da resposta inflamatória sistêmica, melhora da oxigenação e da disfunção orgânica múltipla, diminuição do tempo de ventilação mecânica e dos dias de internação nas unidades de terapia intensiva. Sugere-se, para pacientes pediátricos, o uso precoce (nas primeiras 72h) e prolongado (por 14 dias) de metilprednisolona na lesão pulmonar aguda/síndrome do desconforto respiratório agudo, com dose de 1 mg/kg/dia sob infusão contínua para evitar variabilidade glicêmica e recomenda-se controle rígido da existência de infecção. Propõe-se a adequação de alguns aspectos do diagnóstico, da intervenção e da seleção de desfechos para viabilizar os estudos em pediatria. É fundamental a realização de mais pesquisas para elucidar a segurança e eficácia da administração de metilprednisolona na lesão pulmonar aguda/síndrome do desconforto respiratório agudo em crianças, bem como estabelecer os melhores parâmetros a serem utilizados no diagnóstico e acompanhamento da doença, na monitorização das complicações da corticoterapia, bem como os desfechos primários mais adequados. Resumo em inglês The use of corticosteroids in acute lung injury and acute respiratory distress syndrome is one of the most controversial issues in the literature. However, acute lung injury/acute respiratory distress syndrome studies are restricted to adults, despite the widespread use of corticosteroid for hyper-reactive respiratory airway diseases in children. This review aimed to describe experimental and clinical evidence for corticosteroid therapy in acute lung injury/acute respirat (mais) ory distress syndrome and to point out the risks and benefits of its use in pediatrics. For this purpose, an extensive review of the literature was performed from 1980 to 2010 including both experimental and clinical papers, as well as reviews and meta-analysis, using Medline, Cochrane Central Register of Controlled Trials, Cochrane database of systematic reviews, SciELO, Lilacs and Bireme databases. The search terms were: acute lung injury, acute respiratory distress syndrome, steroids, child, clinical trials, meta-analyses, reviews, and case reports. Most studies showed that the corticosteroids-induced down-regulation of systemic inflammatory response is associated with oxygenation improvement, reduction of multiple organ dysfunctions, mechanical ventilation time, and intensive care units length of stay. Based on the literature, the authors suggest early and prolonged methylprednisolone administration for acute lung injury/acute respiratory distress syndrome, using continuous 1 mg/kg/day infusion to prevent glycemic variability, associated with strict infection surveillance. In addition, they recommend some diagnostic parameters, interventions and choices of endpoint variables to be adjusted to improve pediatric trials feasibility. Therefore, more research is required to establish the safety and efficacy of methylprednisolone in pediatric patients with acute lung injury/acute respiratory distress syndrome , as well as to determine the best parameters for monitoring steroid side effects and outcomes.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

43

Uso antenatal do corticosteroide e hemorragia peri-intraventricular/ Antenatal corticosteroids and intraventricular hemorrhage

Vinagre, Luis Eduardo de F.; Marba, Sérgio Tadeu M.
2010-09-01

Resumo em português OBJETIVO: Realizar uma revisão bibliográfica sobre o uso antenatal do corticosteroide na prevenção da hemorragia peri-intraventricular. FONTES DE DADOS: Levantamento bibliográfico por meio do Pubmed e SciELO abrangendo os últimos 20 anos. Foram utilizadas as palavras chaves no idioma inglês: "cerebral hemorrhage", "steroids" e "newborn, infant". SÍNTESES DE DADOS: A hemorragia peri-intraventricular é uma importante patologia nos prematuros, sobretudo nos menores (mais) de 34 semanas, devido a suas graves sequelas neurológicas. Uma vez ocorrido o sangramento, não há tratamento específico. Desta forma, a prevenção torna-se o maior objetivo das pesquisas. O resultado da meta-análise de estudos randomizados demonstrou que o corticosteroide antenatal reduz a mortalidade e a incidência da doença de membrana hialina e da hemorragia peri-intraventricular. O efeito protetor na redução do risco da hemorragia peri-intraventricular não está completamente esclarecido. Além de acelerar a maturidade pulmonar, o corticosteroide antenatal estimula a maturação da microvasculatura da matriz germinativa, promove o espessamento da membrana basal, acelera a formação proteica nas junções firmes e estabiliza o fluxo sanguíneo cerebral. Também melhora as condições de nascimento dos fetos pré-termo. CONCLUSÕES: O uso antenatal do corticosteroide associado à implementação de melhores práticas de atendimento ao prematuro tem sido responsável pela evidente redução dos índices dessa doença. Apesar de comprovada eficácia e segurança, não é amplamente utilizado. Medidas devem ser tomadas para estimular seu uso como prática rotineira no atendimento de gestantes com risco de parto prematuro. Resumo em inglês OBJECTIVE: To conduct a literature review on the use of antenatal corticosteroids for the prevention of peri-intraventricular hemorrhage. DATA SOURCE: Bibliography search in Pubmed and SciELO databases covering the past 20 years using the following key-words: "cerebral hemorrhage", "steroids" and "newborn infant". DATA SYNTHESIS: The peri-intraventricular hemorrhage is an important disease of preterm infants, especially those with less than 34 weeks, due to its serious ne (mais) urological sequelae. Once the bleeding occurs, there is no specific treatment. Thus, prevention becomes the main goal of the research. Meta-analysis of randomized studies showed that antenatal corticosteroids reduce mortality and the incidence of hyaline membrane disease and peri-intraventricular hemorrhage. The physiologic basis for this protective effect in reducing the risk of peri-intraventricular hemorrhage is not completely clear. Besides accelerating lung maturity, antenatal steroids stimulate the maturation of the microvasculature of the germinal matrix, promote the thickening of the basement membrane, accelerate the formation of protein in tight functions and stabilize the cerebral blood flow. They also improve the birth conditions of preterm babies. CONCLUSIONS: The use of antenatal corticosteroids associated with implementing best practices to assist preterm infants reduces the frequency of peri-intraventricular hemorrhage. Despite its proven efficacy and safety, it is not widely used. Measures should be taken to encourage its use as a routine practice in the care of pregnant women at risk of premature birth.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

44

Tratamento profilático da asma/ Prophylactic treatment of asthma

Moura, José Augusto Rubim de; Camargos, Paulo Augusto Moreira; Blic, Jacques de
2002-12-01

Resumo em português Objetivos: rever os conceitos básicos, os princípios da terapia inalatória, as formas de apresentação da asma e seu tratamento, e as particularidades da assistência ao asmático nos países em via de desenvolvimento. Fontes dos dados: a revisão bibliográfica fundamentou-se em pesquisa direta e nas bases de dados Medline, HighWire e MD Consult. Síntese dos dados: a pesquisa científica fornece evidências amplamente consagradas sobre os planos de tratamento para a (mais) asma e, na atualidade, elege a corticoterapia inalatória como tratamento de primeira linha. Alternativamente, outras classes de medicamentos, tais como os beta-agonistas de ação duradoura e os antileucotrienos podem ser considerados. Conclusões: no nível individual, o tratamento da asma está satisfatoriamente equacionado; entretanto, percebe-se que o grande desafio colocado para os profissionais e autoridades de saúde, reside na disponibilização e no acesso das drogas que compõem estes planos terapêuticos pelas populações de baixa renda. Resumo em inglês Objective: to review basic concepts, inhalation therapy, classification of asthma and peculiarities of asthma in developing countries. Sources: direct search in the Medline, HighWire and MD Consult databases. Summary of the findings: inhaled corticosteroids are the drugs of choice for the treatment of asthma. Alternatively, other drugs, such as long-acting beta-agonists and antileukotrienes could be considered. Conclusions: at an individual level, asthma treatment present (mais) s a satisfactory outcome. However, the great challenge for public health professionals and authorities is to provide treatment for asthmatic patients from low-income families living in developing countries.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

45

Tratamento de manutenção da asma persistente à admissão em ambulatório de pneumologia pediátrica/ Use of asthma controller drugs at admission to a pediatric pulmonology outpatient clinic

Camargos, Paulo A.M.; Profeta, Sandra C.
2003-06-01

Resumo em português OBJETIVO: a corticoterapia inalatória é amplamente empregada nos países desenvolvidos, mas, dado ao seu elevado custo, tem sido usada de forma limitada nos países em desenvolvimento. O presente estudo teve como objetivo a quantificação do uso de medicação profilática em crianças com asma persistente moderada ou grave, quando de sua admissão em ambulatório especializado. MÉTODOS: trata-se de um estudo descritivo, baseado nas informações disponíveis nos pron (mais) tuários de 560 crianças entre quatro e catorze anos, selecionadas aleatoriamente e atendidas entre abril de 1996 a dezembro de 2000, no ambulatório de pneumologia pediátrica do Centro Geral de Pediatria/Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais. RESULTADOS: dos 560 pacientes, 61,8% eram do sexo masculino, 69,5% tinham entre quatro e nove anos; a primeira crise ocorreu antes de um ano de idade em 55,8%, e 70,5% deles apresentavam asma persistente moderada. A internação nos últimos doze meses ocorreu em 42,7% das crianças, e o atendimento em serviços de urgência, em 92,7%. O percentual de pacientes em tratamento de manutenção foi de 27,3%, e da corticoterapia inalatória, 17,1%, para os residentes na região metropolitana de Belo Horizonte. Observou-se redução da profilaxia com corticoterapia sistêmica de 14,3% para 4,2% entre 1996 e 2000. CONCLUSÃO: os índices de corticoterapia inalatória situaram-se em níveis superiores aos observados em estudos brasileiros e comparáveis a alguns internacionais, ocorrendo paralelamente uma redução do uso de corticoterapia sistêmica de manutenção. Estes resultados podem estar associados à implantação do programa de reorganização da assistência pública à criança asmática em Belo Horizonte. Resumo em inglês OBJECTIVE: inhaled corticosteroids are widely used in developed countries. On the other hand, due to its high cost, this kind of drug is underused in asthmatic patients living in developing countries. The present study aims at verifying the use of controller medication in children with moderate or severe persistent asthma at admission to a specialized outpatient facility. METHODS: descriptive study with 560 children aged 4 to 14, with diagnosed asthma, who were admitted b (mais) etween April 1996 and December 2000. The patients were randomly selected. RESULTS: of 560 patients, 61.8% were male; 69.5% were between 4 and 9 years old. The first acute attack occurred before the first year of life in 55.8% of the cases, and 70.5% had physician-diagnosed persistent moderate asthma. In the previous 12 months, 42.7% of the children had been admitted to hospital and 92.7% were assisted in emergency rooms. Considering those living in the metropolitan area of Belo Horizonte, the average use of some kind of controller drug was 27.3%, and 17.1% of inhaled corticosteroids. The use of oral corticosteroids decreased from 14.3% in 1996 to 4.2% in 2000. CONCLUSION: the rate of inhaled corticosteroid therapy was higher than those found in Brazilian studies and it is comparable to the results of some international studies. A decrease in the use of oral corticosteroids was also observed. Both findings may be related to the implementation of an asthma program in the public health system of Belo Horizonte, which began in 1996.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

46

Tratamento da doença de Hailey-Hailey com toxina botulínica tipo A/ Hailey-Hailey disease treatment with Botulinum toxin type A

Bessa, Giancarlo Rezende; Grazziotin, Thaís Corsetti; Manzoni, Ana Paula; Weber, Magda Blessmann; Bonamigo, Renan Rangel
2010-10-01

Resumo em português Duas irmãs com doença de Hailey-Hailey, com lesões recorrentes - uma em axilas e outra em região inguinal -, e resposta limitada aos tratamentos clássicos. Elas foram tratadas com aplicação de toxina botulínica tipo A. Observamos que houve importante melhora na paciente tratada na região inguinal e remissão completa na paciente em cujas axilas sofreram tratamento. Além disso, foi possível poupar uso de antibióticos sistêmicos e corticoides tópicos. O alto c (mais) usto é um fator restritivo para uso rotineiro e estudos maiores são necessários para definir eficácia e relação custo-benefício dessa intervenção. Resumo em inglês Two sisters with recurrent lesions, one on axillae and other on the groin, and with limited response to classical treatments were treated with injections botulinum toxin type A. We observed marked improvement in the patient treated in the groin and complete remission in the patient treated in the axillae. It was possible to spare the use of systemic antibiotics and topical corticosteroids. The high cost is a restrictive factor to routine use and large studies are necessary to access efficacy and cost benefit profile.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

47

Síndrome de Vogt-Koyanagi-Harada e o seu acometimento multissistêmico/ Vogt-Koyanagi-Harada's syndrome and its multisystem involvement

Mota, Luiz Alberto Alves; Santos, Arthur Borges dos
2010-01-01

Resumo em português A síndrome de Vogt-Koyanagi-Harada é uma enfermidade rara que atinge os tecidos que contêm melanócitos, como os olhos, sistema nervoso central, orelha interna e pele. Alguns grupos étnicos têm maior propensão para desenvolver a doença, como os asiáticos, indianos e latino-americanos >e o gênero mais acometido é o feminino. O método realizado foi a revisão bibliográfica em livros, artigos publicados na internet e trabalhos disponíveis nos bancos de dados onl (mais) ine MEDLINE, LILACS e SciELO. Foram selecionados os textos que abordassem a doença de forma abrangente, ressaltando suas manifestações otorrinolaringológicas. Revisão da literatura: A doença apresenta provável etiologia autoimune em que ocorre agressão à superfície dos melanócitos promovendo reação inflamatória com predomínio de linfócitos T. O alelo HLA DRB1*0405 é o mais associado à doença. As manifestações clínicas dividem-se em quatro estágios: prodrômico, uveítico, crônico e de recorrência. As manifestações otorrinolaringológicas ocorrem na fase uveítica e são caracterizadas por perda auditiva sensorioneural bilateral, zumbido e sintomas vestibulares. O diagnóstico é realizado através dos critérios diagnósticos da doença. O tratamento é realizado principalmente com corticoides. Considerações finais: É necessário que a síndrome de Vogt-Koyanagi-Harada seja uma doença reconhecida pelas diversas especialidades médicas, pois o atraso em seu diagnóstico pode resultar em sequelas oculares e cutâneas. Resumo em inglês Vogt-Koyanagi-Harada's syndrome is a rare disease that affects tissues containing melanocytes such as eyes, central nervous system, inner ear and skin. Some ethnic groups have a higher probability of developing the disease like Asians, Indians and Latin Americans and most affected is the female gender. Methods: Literature was reviewed in books, articles published on the internet and papers available in the online databases MEDLINE, LILACS and SciELO. Texts were selected f (mais) ocusing on the otorhinolaryngological symptoms. Literature review: The disease probably has an autoimmune etiology in which aggression occurs on the surface of melanocytes by promoting inflammatory reaction with predominance of T lymphocytes. The HLA DRB1*0405 allele is the most associated with the disease. Clinical manifestations are divided into four stages: prodromal, uveitic, chronic and recurrent. The otorhinolaryngological symptoms occur at the uveitic stage characterized by bilateral sensorioneural hearing loss, tinnitus and vestibular symptoms. Diagnosis is made following diagnostic criteria of the disease. Treatment consists mainly of corticosteroids. Conclusions: Different specialities must recognize the importance of the Vogt-Koyanagi-Harada's syndrome.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

48

Síndrome de Tolosa-Hunt: análise de seis casos/ Tolosa-Hunt syndrome: analysis of six cases

Monzillo, Paulo Hélio; Saab, Victor Marçal; Protti, Gustavo Guimarães; Costa, Agnaldo Rodrigues da; Sanvito, Wilson Luiz
2005-09-01

Resumo em português A síndrome de Tolosa Hunt (STH) é doença de ocorrência rara, de etiopatogenia desconhecida, que se expressa clinicamente por dor orbitária unilateral associada a paralisia de um ou mais nervos oculomotores, que regride espontaneamente e pode recorrer ao longo do tempo. Apresentamos uma série de seis pacientes atendidos em nosso ambulatório, com sintomas e sinais clínicos que preenchem os critérios diagnósticos para a STH, de acordo com a classificação da Inter (mais) national Headache Society (IHS) de 2004. São ressaltados os dados demográficos desta série de pacientes, o seguimento clínico por doze meses, a investigação diagnóstica realizada e as diferentes respostas ao tratamento com corticoesteróides. Pelo fato de a STH ser uma doença cujo diagnóstico deve ser sempre de exclusão, revimos a literatura pertinente chamando a atenção para o diagnóstico diferencial da oftamoplegia dolorosa. Resumo em inglês Tolosa-Hunt syndrome is an entity of rare occurrence and unknown etiopathogenesis, expressed clinically by unilateral orbitary pain associated with simple or multiple oculomotor paralysis, which resolves spontaneously but may recur. We present a series of six cases taken care in our ambulatory, which fulfill the diagnostic criteria for Tolosa Hunt syndrome according to the International Headache Society Classification of 2004. There are also emphasized the demographic dat (mais) a of this series of patients, their 12 months follow-up, investigative studies and responsiveness to corticosteroids. As the diagnosis is always of exclusion, literature revision is focused on differential diagnosis of painful ophthalmoplegic syndromes.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

49

Regressão refrativa total pós-LASIK: relato de caso/ Total refractive regression post-LASIK: case report

Gus, Patrícia Ioschpe; Matos, Guilherme Herrmann; Bayer, Marcia Cristina
2005-06-01

Resumo em português Os corticoesteróides podem aumentar a pressão intra-ocular quando administrados de maneira tópica, sistêmica e até mesmo inalatória. É rotina sua utilização após cirurgias refrativas para diminuir ou prevenir reação inflamatória. No presente relato, apresentamos o caso de uma paciente de 36 anos que, após duas semanas de cirurgia de LASIK para correção de miopia leve, teve regressão total da miopia causada pela hipertensão ocular cortisônica. O objetivo (mais) desse relato é descrever como foi conduzido o caso, as hipóteses de diagnósticos que foram levantadas, e salientar a importância da mensuração da pressão intra-ocular no pós-operatório. Resumo em inglês Corticosteroids can increase intraocular pressure when administered topically, systemically and even when inhaled. They are routinely used after refractive surgeries to lower or prevent an inflammatory action. In this case history, we present a 36-year-old patient who had a total myopic regression two weeks after LASIK for low myopia, caused by steroid-induced ocular hypertension. The purpose of this report is to describe how the case was managed, the diagnostic hypothesis, and to stress the importance of intraocular pressure measurement after LASIK.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

50

Recurrência da Hepatite C após transplante hepático de doador vivo e falecido/ Hepatitis C recurrence after living donor and cadaveric liver transplantation

Coelho, Júlio Cezar Uili; Okawa, Luciano; Parolin, Mônica Beatriz; Freitas, Alexandre Coutinho Teixeira de; Matias, Jorge E. Fouto; Matioski, Alysson Rogério
2009-03-01

Resumo em português OBJETIVO: Determinar a recurrência da hepatite C em pacientes submetidos a transplante hepático de doador vivo comparados com os submetidos a transplante hepático de doador falecido. MÉTODOS: Do total de 333 transplantes hepáticos, 279 (83,8%) eram de doador falecido e 54 (16,2%) de doador vivo. Hepatopatia crônica pelo vírus da hepatite C foi a indicação mais comum tanto de transplante hepático de doador falecido (82 pacientes) como de doador vivo (19 pacientes (mais) ). O protocolo de estudo eletrônico de todos pacientes com hepatopatia crônica pelo vírus da hepatite C foi avaliado. Os dados coletados foram analisados estatisticamente conforme a idade, sexo, resultado dos exames laboratoriais, recidiva do vírus da hepatite C e rejeição aguda. RESULTADOS: O total de 55 transplantes hepáticos de doador falecido e 10 de doador vivo realizados em pacientes com cirrose hepática pelo vírus da hepatite C, foi incluído no estudo. As características clínicas e laboratoriais pré-transplante dos dois grupos foram similares, exceto o tempo de atividade de protrombina que foi maior no grupo de transplante hepático de doador falecido do que no de doador vivo (P = 0,04). A recidiva da hepatite C foi similar nos grupos de transplante hepático de doador falecido (n = 37; 69,3%) e de doador vivo (n = 7; 70%) (P = 0,8). A incidência de rejeição aguda foi igual no grupo de transplante hepático de doador falecido (n = 27; 49%) e no grupo de doador vivo (n = 2; 20%) (P = 0,08). A recurrência do vírus da hepatite C nos pacientes do grupo de transplante hepático de doador falecido que receberam pulsoterapia (9 de 11 pacientes) foi similar aos demais pacientes (28 de 44 pacientes) (P = 0,25). A recurrência também foi similar nos pacientes do grupo de transplante hepático de doador vivo que receberam pulsoterapia (1 de 1 paciente) em relação aos que não receberam (6 de 9 pacientes) (P = 0,7). CONCLUSÕES: A recurrência do vírus da hepatite C é similar nos receptores de transplante hepático de doador falecido e de doador vivo. Resumo em inglês OBJECTIVE: To determine the recurrence of hepatitis C in patients subjected to living donor liver transplantation compared to those subjected to cadaveric liver transplantation. METHODS: Of a total of 333 liver transplantations, 279 (83.8%) were cadaveric liver transplantation and 54 (16.2%) living donor liver transplantation. Hepatic cirrhosis due to hepatitis C virus was the most common indication of both cadaveric liver transplantation (82 patients) and living donor li (mais) ver transplantation (19 patients). The electronic study protocols of all patients with hepatic cirrhosis due to hepatitis C virus were reviewed. All data, including patients' age and sex, laboratory tests, hepatitis C virus recurrence and acute rejection were evaluated statistically. RESULTS: A total of 55 cadaveric liver transplantation and 10 living donor liver transplantation performed in patients with liver cirrhosis due to hepatitis C virus was included in the study. Clinical and laboratory characteristics of the two groups before the transplantation were similar, except for the prothrombin time that was higher for the cadaveric liver transplantation than the living donor liver transplantation (P = 0.04). Hepatitis C virus recurrence was similar in the cadaveric liver transplantation (n = 37; 69.3%) and living donor liver transplantation (n = 7; 70%) groups (P = 0.8). The incidence of acute rejection was similar in cadaveric liver transplantation (n = 27; 49%) and living donor liver transplantation (n = 2; 20%) groups (P = 0.08). Hepatitis C virus recurrence in patients of the cadaveric liver transplantation group who received bolus doses of corticosteroids (9 of 11 patients) was similar to the remained patients (28 of 44 patients) (P = 0.25). Recurrence was also similar in patients of the living donor liver transplantation group who received bolus doses of corticosteroids (one of one patient) in relation to those who did not receive them (six of nine patients) (P = 0.7). CONCLUSION: Hepatitis C recurrence is similar in patients who underwent living donor liver transplantation or cadaveric liver transplantation.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

51

Pseudotumor pulmonar como apresentação inicial de granulomatose de Wegener/ Lung pseudotumor as the initial presentation of Wegener's granulomatosis

Rabahi, Marcelo Fouad; Coelho, Ludmila Bertti; Borges, Eliza de Oliveira; Lemes, Marcella Stival; Castro, Weniskley Mendes de; Carneiro, Siderley de Souza
2009-04-01

Resumo em português A granulomatose de Wegener é uma doença inflamatória multissistêmica de etiologia desconhecida, que se caracteriza por vasculite de pequeno e médio calibre. As manifestações clínicas mais comuns envolvem o trato respiratório superior, pulmões e rins e as alterações encontradas nos exames de imagem são geralmente opacidades pulmonares ou nódulos múltiplos, bilaterais e, em 50% dos casos, cavitações. O tratamento é feito com corticoides e imunossupressores (mais) . Descreve-se um caso atípico de um homem de 61 anos cuja investigação inicial de um tumor pulmonar unilateral evidenciou, na verdade, Granulomatose de Wegener. Resumo em inglês Wegener's granulomatosis is a multisystemic inflammatory illness of unknown etiology, characterized by vasculitis of small and medium caliber vessels. The most common clinical manifestations involve the upper respiratory tract, lungs and kidneys. Common alterations in imaging studies include pulmonary opacities and bilateral multiple nodules, cavitations occurring in 50% of the cases. Treatment includes corticosteroids and immunosuppressants. We describe an atypical case (mais) of a 61-year-old man initially investigated due to suspicion of a unilateral lung tumor, which proved to be, in fact, a case of Wegener's granulomatosis.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

52

Prevalência e gravidade da sibilância no primeiro ano de vida/ Prevalence and severity of wheezing in the first year of life

Dela Bianca, Ana Caroline Cavalcanti; Wandalsen, Gustavo Falbo; Mallol, Javier; Solé, Dirceu
2010-08-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar a prevalência e a gravidade da sibilância, bem como sua relação com o diagnóstico médico de asma, em lactentes no primeiro ano de vida, utilizando o protocolo padronizado do "Estudio Internacional de Sibilancias en Lactantes" (EISL, Estudo Internacional de Sibilâncias em Lactentes). MÉTODOS: Entre março de 2005 e agosto de 2006, os pais ou responsáveis de lactentes que procuraram unidades básicas de saúde na região centro-sul de São Paulo ( (mais) SP) para procedimentos de rotina e imunização responderam ao questionário escrito do EISL. RESULTADOS: A amostra foi constituída por 1.014 lactentes (média de idade = 5,0 ± 3,0 meses), 467 (46,0%) dos quais apresentaram sibilância no primeiro ano de vida, sendo que 270 (26,6%) tiveram três ou mais episódios. Entre esses últimos, o uso de β2-agonista inalatório, corticosteroide inalatório e antileucotrieno, assim como a presença de sintomas noturnos, dificuldade para respirar, pneumonia, idas ao pronto socorro e internação por sibilância grave, foram significantemente mais frequentes (p Resumo em inglês OBJECTIVE: To determine the prevalence and severity of wheezing in infants, using the standardized protocol devised for the "Estudio Internacional de Sibilancias en Lactantes" (EISL, International Study of Wheezing in Infants), as well as to determine the relationship between such wheezing and physician-diagnosed asthma, in the first year of life. METHODS: Between March of 2005 and August of 2006, the EISL questionnaire was administered to the parents or legal guardians o (mais) f infants undergoing routine procedures or immunization at public primary health care clinics in the southern part of the city of São Paulo, Brazil. RESULTS: Our sample comprised 1,014 infants (mean age = 5.0 ± 3.0 months), 467 (46.0%) of whom had at least one wheezing episode, 270 (26.6%) having three or more such episodes, in their first year of life. The use of inhaled β2 agonists, inhaled corticosteroids, or antileukotrienes, as well as the occurrence of nocturnal symptoms, difficulty breathing, pneumonia, emergency room visits, and hospitalization due to severe wheezing, was significantly more common among those with recurrent wheezing (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

53

Prevalência de sibilância recorrente em lactentes/ Prevalence of recurrent wheezing in infants

Chong Neto, Herberto José; Rosário, Nelson Augusto; Solé, Dirceu; Mallol, Javier
2007-08-01

Resumo em português OBJETIVO: Verificar a prevalência da sibilância recorrente em lactentes na cidade de Curitiba (PR). MÉTODOS: Estudo transversal pela aplicação de questionários aos pais de lactentes, idade entre 12 e 15 meses, que procuraram unidades de saúde para imunização no período entre agosto de 2005 e dezembro de 2006. Este instrumento padronizado e validado consiste de perguntas sobre características demográficas, sibilância, infecções respiratórias e fatores de ri (mais) sco. Durante o período de estudo, a Secretaria Municipal de Saúde possuía 107 unidades de saúde, das quais 35 foram selecionadas por sorteio e distribuídas homogeneamente no território municipal. RESULTADOS: Um total de 1.364 lactentes (45,4%) apresentou um ou mais episódios de sibilância nos primeiros 12 meses de vida, com início aos 5,5±3,1 meses (média ± desvio padrão), e 678 (22,6%) tiveram três ou mais episódios. Utilizaram β2-agonistas, corticóides inalatórios, corticóides orais e antagonistas do receptor de leucotrienos 84,6, 18,5, 24,3 e 5,4% dos sibilantes, respectivamente. Sintomas noturnos, dificuldade intensa para respirar e visitas a emergência estiveram presente em 58,9, 46,2 e 57,6% dos lactentes que sibilaram; destes, 12,7% foram hospitalizados por asma e 10,9% tiveram diagnóstico médico de asma. Sintomas noturnos, visitas à emergência, gravidade dos sintomas, hospitalização por asma e diagnóstico médico de asma foram mais freqüentes entre os que apresentaram três ou mais crises (p Resumo em inglês OBJECTIVE: To identify the prevalence of recurrent wheezing in infants in the city of Curitiba, PR, Brazil. METHODS: A cross-sectional study carried out by means of administering questionnaires to the parents of infants aged 12 to 15 months attending health centers for immunization during the period between August 2005 and December 2006. This is a standardized and validated instrument consisting of questions on demographic characteristics, wheezing, respiratory infections (mais) and risk factors. At the time of the study the City Health Department had 107 health centers, 35 of which were selected by lots and distributed homogeneously across the municipal territory. RESULTS: A total of 1,364 infants (45.4%) had episodes of wheezing during their first 12 months of life, with onset at 5.5±3.1 months (mean ± standard deviation), and 678 (22.6%) had had three or more episodes. In 84.6% of the wheezing children treatment was with β2-agonists, with inhaled corticosteroids in 18.5%, oral corticosteroids in 24.3% and leukotriene receptor antagonists were used with 5.4%. The wheezing children exhibited nocturnal symptoms, intense difficulty breathing and visits to emergency services in the proportions of 58.9, 46.2 and 57.6%, respectively; 12.7% were admitted to hospital for asthma and 10.9% had had a medical diagnosis of asthma. Nocturnal symptoms, visits to emergency, severity of symptoms, hospital admissions for asthma and medical diagnoses of asthma were all more common among those who had suffered three or more crises (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

54

Polineuropatia periférica em pacientes com lúpus eritematoso sistêmico juvenil/ Peripheral polineuropathy in patients with juvenile systemic lupus erythematosus

Almeida, Roberta Tavares; Campos, Lúcia Maria de Arruda; Aikawa, Nádia Emi; Kozue, Kátia Tomie; Paz, José Albino da; Marques-Dias, Maria Joaquina; Silva, Clovis Artur Almeida
2009-08-01

Resumo em português INTRODUÇÃO: A polineuropatia periférica é uma das 19 síndromes neuropsiquiátricas do lúpus eritematoso sistêmico, segundo os critérios de classificação propostos pelo Colégio Americano de Reumatologia (ACR) para síndromes neuropsiquiátricas. No entanto, há descrições raras dessa manifestação, particularmente em populações de lúpus eritematoso sistêmico juvenil (LESJ). MÉTODOS: De 1983 a 2007, 5.079 pacientes foram acompanhados na Unidade de Reumato (mais) logia Pediátrica do ICr-HC-FMUSP, e o diagnóstico de LESJ segundo os critérios do ACR foi estabelecido em 228 casos (4,5%). Polineuropatia periférica foi diagnosticada de acordo com as síndromes neuropsiquiátricas do ACR. RESULTADOS: Dos 228 pacientes com LESJ, cinco (2,2%) desenvolveram polineuropatia periférica e foram retrospectivamente descritos. O diagnóstico foi confirmado por eletroneuromiografia, que evidenciou polineuropatia periférica distal, sensitiva e/ou motora, envolvendo quatro membros em dois pacientes e membros inferiores nos demais. Três eram pacientes do sexo feminino e todos tiveram a polineuropatia periférica após o diagnóstico de LESJ. A mediana de idade de início da doença foi de 14 anos, e a mediana de tempo entre o início de LESJ e o diagnóstico da polineuropatia periférica foi de 23 meses. As apresentações clínicas mais comuns foram fraqueza muscular e hiporreflexia. Todos os pacientes apresentavam anticorpos antifosfolípides. O tratamento foi realizado com corticosteroides em todos os pacientes, associado com ciclofosfamida endovenosa em três. Um paciente evoluiu com incapacitação funcional, presença de paresia de membros inferiores e necessidade de cadeira de rodas. Uma paciente faleceu por sepse grave. CONCLUSÕES: A polineuropatia periférica é uma manifestação rara no LESJ, grave, por vezes incapacitante e habitualmente associada a anticorpos antifosfolípides. Resumo em inglês INTRODUCTION: Peripheral polyneuropathy is one of 19 neuropsychiatric syndromes seen in systemic lupus erythematosus, according to the classification criteria proposed by the American College of Rheumatology (ACR) for neuropsychiatric syndromes. However, this manifestation has not been reported very often, especially in patients with juvenile systemic lupus erythematosus (JSLE). PATIENTS AND METHODS: From 1983 to 2007, 5,079 patients were seen at the Pediatric Rheumatolog (mais) y Unit of the ICr-HC-FMUSP; 228 (4.5%) patients were diagnosed with JSLE according to the criteria of the ACR. Peripheral polyneuropathy was diagnosed according to the criteria for neuropsychiatric syndromes of the ACR. RESULTS: Five (2.2%) out of 228 patients with JSLE developed peripheral polyneuropathy and were described retrospectively. The diagnosis was confirmed by electroneuromyography, which showed the presence of distal peripheral polyneuropathy, sensorial and/or motor, involving all four limbs, in two patients, and the lower limbs, in three patients. Three of those patients were females, and peripheral neuropathy developed after the diagnosis of JSLE. The mean age of onset of the disease was 14 years, and the mean time between the onset of JSLE and the diagnosis of peripheral polyneuropathy was 23 months. The most common clinical presentations included muscular weakness and hyporeflexia. Antiphospholipid antibodies were present in all patients. Treatment consisted of corticosteroids in all patients, associated with intravenous cyclophosphamide in three patients. One patient evolved to functional disability and paresis of the lower limbs, requiring a wheelchair. One female patient died of severe sepsis. CONCLUSIONS: Peripheral polyneuropathy is a rare, severe, and occasionally incapacitating manifestation of JSLE, commonly associated with the presence of antiphospholipid antibodies.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

55

Pneumonia por Pneumocystis e citomegalovírus no doente VIH - A propósito de dois casos clínicos/ Pneumocystis and cytomegalovirus pneumonia in HIV patients - Two clinical cases

Lourenço, Sofia; Amaral, Marta; Almeida, Raquel; Marcelino, Paulo; Marum, Susan; Milheiro, M.ª Adelaide; Oliveira, Judite; Mourão, Luís
2008-02-01

Resumo em português Nos doentes com infecção pelo vírus da imunodeficiência humana (VIH) o citomegalovírus torna-se um agente de doença importante quando existe imunossupressão avançada. O seu papel como agente de doença pulmonar neste contexto tem sido amplamente debatido. Nos doentes com pneumocistose, a presença do citomegalovírus no pulmão não parece conferir pior prognóstico, excepto nos que recebem terapêutica adjuvante com corticóides. Os autores apresentam dois casos (mais) de doentes com infecção VIH e imunossupressão avançada, admitidos na unidade de cuidados intensivos por insuficiência respiratória. Em ambos houve isolamento de Pneumocystis jirovecii no lavado broncoalveolar. Apesar da terapêutica instituída ambos vieram a falecer. A biópsia pulmonar post mortem mostrou, nos dois casos, a presença de Pneumocystis e inclusões por citomegalovírus. Perante este achado tecem-se algumas considerações sobre o papel do citomegalovírus como agente de pneumonia na SIDA e sobre o seu significado como co-infectante na pneumocistose, sobretudo nos casos de falência terapêutica. Resumo em inglês Cytomegalovirus is capable of causing disease in immunocompromised patients. In people infected by the Human Immunodeficiency Virus (HIV) it becomes an important agent when there is advanced immunosupression. Its role as a pulmonary pathogen in these patients has been questioned. In the case of pneumocystosis the presence of Cytomegalovirus doesn’t seem to worsen prognosis, except in cases where corticosteroids are used. Authors present two cases of patients with HIV inf (mais) ection and advanced immunosupression who were admitted in the intensive care unit for respiratory failure. In both Pneumocystis jirovecii was isolated from bronco-alveolar lavage. Despite of therapy both patients died from refractory hypoxemia. Pulmonary biopsies performed post mortem revealed presence of neumocystis and Cytomegalovirus inclusion bodies. Considering this finding the role of Cytomegalovirus as a cause of pneumonia in AIDS is discussed, highlighting its impact on the outcome of patients with pneumocystosis, especially in cases of therapeutic failure.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

56

Pneumonia organizativa: Experiência da consulta de um hospital central/ Organising pneumonia: The experience of an outpatient clinic of a central hospital

Aguiar, M; Felizardo, M; Mendes, AC; Moniz, D; Sotto-Mayor, R; Almeida, A Bugalho de
2010-06-01

Resumo em português Introdução: A pneumonia organizativa, anteriormente designada como BOOP, é uma entidade individualizada desde há duas décadas, que apresenta características clínicas, radiológicas e critérios histológicos de diagnóstico específicos. Caracterizámos os doentes com pneumonia organizativa seguidos em consulta de Pneumologia/ Doenças do Interstício do nosso hospital, no período de Janeiro de 1997 a Dezembro de 2006, e comparámos os resultados com os da literat (mais) ura. Materiais e métodos: Foram consultados retrospectivamente os processos dos doentes com o diagnóstico de pneumonia organizativa (OP) e avaliados os seguintes parâmetros: idade, sexo, clínica, características imagiológicas, tempo até ao diagnóstico, etiologia, alterações laboratoriais e histológicas, tratamento e recidivas. Resultados: Foram estudados 13 doentes, 12 dos quais do sexo feminino (92%), idade média de apresentação 55,6 anos (+ -15,3); 10 eram não fumadores e dois ex-fumadores. O tempo médio desde o início da sintomatologia até ao diagnóstico foi de 77,2 semanas (máximo 432 e mínimo 3 semanas) e o tempo médio do acompanhamento de 171,6 semanas (máximo 334 e mínimo 28 semanas). No grupo de OP primária (pneumonia organizativa criptogénica - COP) incluíram -se nove doentes e quatro no secundário (pneumonia organizativa secundária - SOP), sendo dois com artrite reumatóide (AR), um com dermatomiosite e um submetido a radioterapia por neoplasia da mama. Os principais sintomas na altura do diagnóstico foram fadiga (92%), tosse (85%), febre (65%), dispneia (54%), dor torácica (23%), perda ponderal (23%) e mialgias (17%). Laboratorialmente apresentavam velocidade de sedimentação média de 70mm; (máximo de 127mm e mínimo de 16mm), proteína C reactiva elevada em oito doentes, e ausência de leucocitose. A radiografia de tórax e TC torácica mostravam doença bilateral em doze doentes (92%), imagem de consolidação com broncograma aéreo presente também em doze doentes, quatro dos quais com lesões migratórias. Quatro realizaram biopsia pulmonar transbrônquica, todas incaracterísticas, e oito fizeram biópsia pulmonar cirúrgica, quatro das quais diagnósticas de OP. Onze fizeram terapêutica com corticoterapia com uma duração média de 61,6 semanas (máximo 288 e mínimo 16). Dois doentes mantêm doses baixas de corticoterapia, um pela sua patologia de base e outro por múltiplas recidivas. Houve recidiva em quatro doentes (30,8%), um dos quais por cinco vezes. Discussão e conclusão: De salientar, nesta série, a elevada incidência desta patologia no sexo feminino. É preconizada a confirmação histológica, mas, na presente série, foi possível estabelecer o diagnóstico em nove doentes, com base apenas em parâmetros clínicos, imagiológicos e de resposta à terapêutica. O tempo médio de diagnóstico foi muito variável, o que sugere que a doença por vezes não é diagnosticada e os doentes são tratados como apresentando pneumonias ou outras doenças do interstício. A maioria apresentou uma evolução clínica favorável com recidiva francamente inferior à descrita na literatura. Perante quadros clínicos de “pneumonia arrastada” que não resolvem com antibioticoterapia em 3-4 semanas, impõe-se a realização de exames complementares subsequentes no sentido de despistar outras patologias, nomeadamente a pneumonia organizativa. Apenas em centros com experiência nesta área se deverá aceitar um diagnóstico exclusivamente com critérios clínicos e radiológicos. Resumo em inglês Aim: to characterise outpatients of a Portuguese central hospital diagnosed with organising pneumonia (OP) and compare results with current literature. Methods: medical processes with diagnosis of OP were retrospectively studied as to demographics, aetiology, clinical and radiological features, average time until and date of diagnosis, laboratory and histological changes, treatment and relapse. Results - thirteen patients with a mean follow -up of 171.6 weeks (max 334 and (mais) min 28 weeks) were evaluated. Nine of these patients (70%) had cryptogenic OP (COP) while 30% had secondary OP (SOP), two with rheumatoid arthritis, one with dermatomyositis and another undergoing radiotherapy for breast cancer. Mean age was 55.6 (+ -15.3 years), 92% female, 77% were non -smokers. Average time until diagnosis was 77.2 weeks (min 3 and max 432 weeks). Symptoms at presentation were tiredness (92%), cough (85%), fever (65%), shortness of breath (54%), thoracic pain (23%) and weight loss (23%). At the time of diagnosis, the mean erythrocyte sedimentation rate was 70mm (max 170mm and min 16mm). C -reactive protein level was increased in eight patients. Significant leucocytosis was absent. Chest X -ray and chest CT scan showed bilateral distribution in 12 patients (92%). Consolidation with an air bronchogram was present in 12 patients and in four (31%), consolidation was migratory. Four patients (30%) underwent transbronchial pulmonary biopsy, all uncharacteristic and eight patients surgical pulmonary biopsy, four showed histological confirmation of SOP. Corticosteroids were started in 11 patients and average treatment was 61.6 weeks (16-288 weeks). 15% (2/13) had spontaneous resolution. Four patients (31%) relapsed, one of them five times. Two patients are dependent on a low dose of corticosteroids, one due to underlying disease and another due to multiple relapses. Therapy of relapse was corticosteroids alone in minimum effective dosage or associated to azathioprine or ciclosporin. Discussion and conclusion: such a high incidence in females (92%) may be explained by the limited sample of patients. In 70% of the patients diagnosis were established by clinical and radiology criteria. Mean time to diagnosis was very variable which suggests that in some cases the disease was not diagnosed and treated as another interstitial lung disease or as recurrent pneumonia. Most patients (53.8%) had a favourable clinical course after treatment with corticosteroids with a very low number of relapses (30.8%), much lower than described by other authors (60%). Only in experienced centres should the diagnosis of OP established by clinical and radiological criteria.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

57

Osteoporose induzida por corticóides/ Corticosteroids induced osteoporosis

Patrício, José Pedro; Oliveira, Patrícia; Faria, Maria Teresa; Pérez, Maria Berta; Pereira, Jorge
2006-09-01

Resumo em português Os corticoesteróides são fármacos utilizados no tratamento de diversas patologias, pelas suas propriedades anti-inflamatórias e imunossupressoras. No entanto, secundariamente, produzem alterações importantes na fisiologia normal da remodelação óssea que predispõem à osteoporose. Os impactos de morbilidade e mortalidade da osteoporose são conhecidos. Os corticoesteróides são a causa mais comum de osteoporose secundária; contudo, vários estudos documentam um (mais) a má aplicação das recomendações internacionais na prevenção da osteoporose induzida por corticoesteróides. Este trabalho tem como objectivos rever a fisiopatologia da osteoporose induzida por corticoesteróides, esclarecer o papel da absorciometria radiológica de dupla energia no diagnóstico e monitorização terapêutica e referir os aspectos elementares da prevenção e tratamento destes doentes. Resumo em inglês Corticosteroids are widely used in the therapeutic of several pathologies because of their anti-inflammatory and immunossupresive effects. However, they interfere in normal physiology and bone remodeling, conducing to osteoporosis. The impacts of osteoporosis on morbidity and mortality are well known. Corticosteroids are the main cause of secondary osteoporosis; nevertheless, many studies document the incorrect use of international guidelines concerning the prevention of (mais) costicosteroid induced osteoporosis. The aim of this paper is to review the physiopathology of corticosteroid induced osteoporosis, to clarify the contribute of dual energy x-ray absorptiometry in the diagnosis and therapeutic monitoring, and to refer basic aspects of prevention and treatment of those patients.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

58

Osteonecrose de mandíbula em pacientes com lúpus eritematoso sistêmico juvenil observada em exame de imagem/ Osteonecrosis of the jaw on imaging exams of patients with juvenile systemic lupus erythematosus

Fernandes, Elisabeth Gonzaga Canova; Guissa, Vanessa Ramos; Saviolli, Cynthia; Siqueira, José Tadeu Tesseroli; Valente, Marcelo; Silva, Clovis Artur Almeida da
2010-02-01

Resumo em português OBJETIVO: O objetivo deste estudo foi avaliar alterações radiográficas da articulação temporomandibular (ATM) em pacientes com lúpus eritematoso sistêmico juvenil (LESJ) e controles. PACIENTE E MÉTODOS: Vinte e seis pacientes com LESJ e 28 controles foram avaliados com radiografia panorâmica da ATM. Tomografia computadorizada multislice (TCM) da ATM foi realizada naqueles que tiveram achatamento e/ou destruição dos côndilos mandibulares. Foram avaliados dados (mais) demográficos, índices de saúde bucal, manifestações clínicas, exames laboratoriais e tratamentos. RESULTADOS: Alterações radiográficas importantes compatíveis com osteonecrose de mandíbula e confirmadas pela TCM da ATM foram observadas em 2/26 (8%) de LESJ versus 0% do grupo controle (P = 0,22). Disfunção clínica leve e mobilidade alterada de ATM foram observadas em 67% e 54%, respectivamente. A idade de início, duração da doença e idade atual foram semelhantes nos pacientes com LESJ com e sem alterações radiográficas graves da ATM (9,3 versus 10,8 anos, P = 0,77; 3,3 versus 2 anos, P = 0,63; 12,6 versus 13,5 anos, P = 0,74; respectivamente). Assim como não foram evidenciadas diferenças estatísticas em ambos os grupos com relação a sexo, classe socioeconômica, índices de saúde bucal, manifestações clínicas, exames laboratoriais e tratamentos (P > 0,05). Esses dois pacientes com LESJ e osteonecrose de mandíbula tiveram curso crônico ativo da doença, utilizaram corticosteroides por um longo período e apresentaram disfunção clínica leve da ATM. Nenhum deles teve anticorpos antifosfolipídeos e não foram tratados previamente com bisfosfonatos. CONCLUSÕES: Osteonecrose de mandíbula com leve disfunção clínica da ATM foi observada em alguns pacientes, demonstrando a importância da avaliação odontológica durante o acompanhamento clínico. Resumo em inglês OBJECTIVE: The objective of the present study was to evaluate radiographic changes of the temporomandibular joint (TMJ) in patients with juvenile systemic lupus erythematosus (JSLE) and a control group. PATIENTS AND METHODS: Panoramic radiographies of the TMJ of 26 JSLE patients and 28 healthy individuals were evaluated. Multislice computed tomography (MCT) was performed on those patients who presented flattening and/or destruction of mandibular condyles. Demographic data (mais) , oral health indices, clinical manifestations, laboratorial exams, and treatment were evaluated. RESULTS: Important radiographic changes consistent with osteonecrosis of the mandible, confirmed by MCT of the TMJ, were observed in 2/26 (8%) JSLE patients versus 0% in the control group (P = 0.22). Mild clinical dysfunction and abnormal TMJ mobility were observed in 67% and 54% of the patients, respectively. Age of onset, disease duration, and current age were similar in JSLE patients with and without severe radiographic changes of TMJ (9.3 versus 10.8 years, P = 0.77; 3.3 versus 2 years, P = 0.63; 12.6 versus 13.5 years, P = 0.74, respectively). Significant differences in gender, socioeconomical status, oral health indices, clinical manifestations, laboratorial exams, and treatment were not observed between both subgroups (P 0.05). Both JSLE patients with osteonecrosis of the mandible had active chronic disease, used corticosteroids for a prolonged period, and had mild TMJ dysfunction. Antiphospholipid antibodies were not observed in those two patients, and neither one had been treated with bisphosphonate. CONCLUSIONS: Osteonecrosis of the mandible with mild TMJ dysfunction was observed in some of the patients, demonstrating the importance of odontological assessment during clinical follow-up.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

59

Osteomielite criptocócica em paciente com mieloma múltiplo/ Cryptococcal osteomyelitis in a patient with multiple myeloma

Nocera, Vanessa B.; Ronchi Jr, Ivo; Pietrovicz, Joelma; Krebs, Cecília N. V.; Lopes, Gabriel L.
2010-01-01

Resumo em português A criptococose é uma infecção fúngica sistêmica que pode acometer vários órgãos, entre eles sistema nervoso central, pulmões e ossos. A apresentação clínica mais comum deste microorganismo é a meningite, mas acometimento ósseo tem sido relatado em 5% a 10 % dos casos como parte de uma infecção sistêmica. O envolvimento ósseo isolado com Cryptococcus neoformans é extremamente raro. A incidência é mais comum em pacientes imunocomprometidos, como naquele (mais) s em uso crônico de corticoterapia ou outros imunossupressores, portadores de sarcoidose, tuberculose e neoplasias. Relatamos o caso de uma paciente com mieloma múltiplo e que apresentou osteomielite por C. neoformans, sendo que não encontramos nenhum caso semelhante na literatura. O objetivo desse relato é discutir sobre a associação de criptococose em pacientes imunocomprometidos. Resumo em inglês Cryptococcosis is a systemic fungal infection that can involve several organs, including the central nervous system, lungs and bones. The most common clinical presentation of this microorganism is meningitis however bone involvement has been reported in 5 to 10% of cases of systemic infections. Bone infections caused by Cryptococcus neoformans without other associated infections are extremely rare. The incidence is more common in immunocompromised patients, for example in (mais) dividuals on immunotherapy using corticosteroids or other immunosuppressants and those with sarcoidosis, tuberculosis and other malignancies. Here we report the case of a patient with multiple myeloma who presented with osteomyelitis due to C. neoformans: no other similar cases were found in the literature. The purpose of this report is to discuss the association of cryptococcosis in immunocompromised patients.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

60

O uso de corticoesteróides após dilatação esofágica em pacientes portadores de estenose por substâncias corrosivas: estudo prospectivo, randomizado e duplo-cego/ Use of corticosteroids after esophageal dilations on patients with corrosive stenosis: prospective, randomized and double-blind study

Camargo, Marcelo Amade; Lopes, Luiz Roberto; Grangeia, Tiago de Araújo Guerra; Andreollo, Nelson Adami; Brandalise, Nelson Ary
2003-09-01

Resumo em português OBJETIVOS: Determinar, através de um estudo randomizado e duplo-cego, o efeito de injeções intralesionais de triancinolona associadas à dilatação esofágica nos casos de estenose corrosiva. MÉTODOS: Quatorze pacientes adultos (seis homens e oito mulheres) portadores de graves estenoses corrosivas do esôfago foram randomizados em dois grupos: Grupo A: tratados com dilatação esofágica e posterior injeção intralesional de triancinolona 10 mg/ml; Grupo B: tratado (mais) s com dilatação esofágica e posterior injeção de solução fisiológica 0,9% (placebo). Aplicações subseqüentes foram feitas baseadas na sintomatologia do paciente. Foram analisados: a freqüência de dilatações, diâmetros obtidos e disfagia antes e após a pesquisa, durante 12 meses. RESULTADOS: Em nosso estudo, onze pacientes ingeriram soda cáustica, dois ingeriram amoníaco e um tomou ácido muriático. Não houve diferença estatisticamente significativa (p > 0,05) em relação à freqüência de dilatações e à disfagia entre os grupos estudados. Entretanto, foi observada melhora no diâmetro obtido no grupo que recebeu corticoesteróides, em relação ao grupo controle (p Resumo em inglês OBJECTIVE: To determine triancinolone intralesional injections effects in association with esophageal dilations in corrosive stenosis cases, by means of a double-blind and randomized study. METHOD: Fourteen adults patients (6 men and 8 women) with severe esophageal corrosive stenosis were randomized in two groups: Group A: treated by esophageal dilations and posterior triancinolone 10 mg/ml intralesional injection; Group B: treated by esophageal injections and posterior s (mais) aline solution 0,9% injection (placebo). New applications were made based on the patient symptomatology. It had been analysed dilation frequency, obtained diameters and dysphagia before and after the research, for 12 months. RESULTS: Eleven patients had ingested sodium hydroxide, two had ingested ammoniac and one had taken muriatic acid. There was no statistic difference (p > 0.05) in dilation frequency and dysphagia between the groups. However, an improvement in obtained diameter was observed in the corticosteroids group in comparison with control group (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

61

Nocardiose pulmonar em paciente usuário crônico de corticóides/ Pulmonary nocardiosis in a patient who was a chronic corticosteroid user

Brasileiro, Renata Maria Ferreira; Pinho, André Carvalho Caribe de Araújo; Medeiros, Catarine Silva; Ferri, Francisco; Schiavon, Leonardo de Lucca; Narciso-Schiavon, Janaína Luz; Buzzoleti, Fernando Costa
2007-10-01

Resumo em português Nocardiose pulmonar é uma infecção grave e incomum causada pela Nocardia ssp, microorganismos que podem se comportar tanto como oportunistas quanto patógenos primários e que pode se apresentar como desordem aguda ou crônica supurativa. Relata-se o caso de um paciente de 49 anos, portador de púrpura trombocitopênica idiopática em tratamento com corticóides que desenvolveu infecção pulmonar por Nocardia farcinica, isolada em hemocultura. Apesar de tratamento correto com sulfametoxazol-trimetoprim, o paciente morreu após três meses de instituída terapia. Resumo em inglês Pulmonary nocardiosis is an infrequent and severe infection caused by Nocardia spp. These are microorganisms that may behave both as opportunists and as primary pathogens, and they may present as either acute or suppurative chronic disorders. We report on the case of a 49-year-old man with idiopathic thrombocytopenic purpura that was being treated with corticosteroids. He developed pulmonary infection due to Nocardia farcinica, which was isolated from blood cultures. Desp (mais) ite correct treatment with trimethoprim-sulfamethoxazole, the patient died three months after this therapy was instituted.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

62

Neuropatia óptica auto-imune: relato de caso/ Autoimmune optic neuropathy: case report

Cardoso, Laura Martins C. Duprat; Zacharias, Leandro Cabral; Monteiro, Mário Luiz Ribeiro
2006-08-01

Resumo em português Descrevemos uma paciente de 9 anos, sexo feminino, com perda visual bilateral grave tratada com corticóide por via oral apresentando melhora em apenas um olho. Nove anos depois apresentou recidiva que inicialmente respondeu à pulsoterapia corticóide mas foi seguida de perda progressiva e completa da visão após a redução do tratamento. Novas tentativas terapêuticas não melhoraram a visão. Avaliação clínico-laboratorial não revelou doença sistêmica, mas apre (mais) sentava anticorpos antinucleares (1/640), anti-Ro e anti-La positivos. Neuropatia óptica auto-imune é uma afecção rara, que simula neurite óptica idiopática e se caracteriza por perda visual aguda, sem doença sistêmica, mas com evidências laboratoriais de doença auto-imune, em especial o FAN positivo. Biópsia de pele freqüentemente mostra evidências de vasculite. Esta condição deve ser tratada agressivamente, com corticóide e imunossupressores, uma vez que o acometimento visual geralmente é mais grave do que o da neurite óptica idiopática/desmielinizante e pode ser irreversível. Resumo em inglês We report on a 9-year-old female patient who had bilateral severe visual loss and was treated with oral corticosteroids. Visual improvement occurred in one eye. Nine years later she presented relapse of visual loss in her only seeing eye. Pulse corticosteroid therapy resulted in dramatic visual improvement followed, however, by progressive and complete visual loss as soon as the corticosteroid was tapered. Repeat treatment did not result in visual improvement. Clinical an (mais) d laboratory investigation failed to find a systemic disease but the patient had positive antinuclear (1/640), anti-Ro and anti-La antibodies. Autoimmune optic neuropathy is a rare condition that may mimic an idiopathic optic neuritis and is characterized by acute visual loss, without systemic disease but with laboratory evidence of an autoimmune disorder, usually a positive ANA. A skin biopsy usually shows evidence of vasculitis. This condition should be treated aggressively, with corticosteroids and immunosuppressant, since the visual involvement is usually worse than that of idiopathic/desmyelinating optic neuritis.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

63

Neuroesquistossomose mansônica: aspectos clínicos, laboratoriais e terapêuticos/ Mansonic neuroschistosomiasis: clinicai, laboratory and therapeuthic aspects

Andrade Filho, Antônio de Souza; Reis, Mitermayer Galvão dos; Souza, Adenalva L. de; Martins, Eline R.; Santos, Sandro R. S. dos; Ancilon, Mario; Lima, José Marcos P. F.; Queiroz, Aristides Cheto de; Guimarães, Maria das Graças Meira; Moreno-carvalho, Otávio Augusto; Rego, Mychely Fernandes
1996-06-01

Resumo em português Os autores relatam 16 casos de pacientes com forma meningomielorradicular da neuroesquistossomose mansônica, diagnosticados segundo critérios clínicos, laboratoriais e de imagem, acompanhados no Ambulatório de Neurologia-HUPES-UFBA no período de abril/91 a dezembro/93. Eles foram tratados com praziquantel associado a corticoterapia. O objetivo foi avaliar o grau de eficácia e de segurança da droga na regressão dos sinais e sintomas neurológicos. Resumo em inglês The authors report 16 patients bearing the meningomyeloradicular form of Mansonic neuroschistosomiasis diagnosed according to clinical, laboratorial and image criteria. Patients have been observed at the Neurology Ambulatory of the Federal University of Bahia, within the period of April/91 to December/93. They have been treated with praziquantel, associated to corticosteroids. The aim has been to evaluate the drug's efficiency and safety in decreasing the neurological signs and symptoms.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

64

Molde brônquico devido ao uso de interferon peguilado e ribavirina/ Bronchial casts attributed to the use of pegylated interferon and ribavirin

Garcia, Eduardo; Silva Junior, Ângelo Ferreira da; Schorr, Fabíola; Hota, Milene; Brizzi, Ricardo Gondim; Silva, André Barreto da
2009-07-01

Resumo em português Relatamos o caso de um homem de 50 anos com uma rara associação entre moldes brônquicos e o uso de interferon peguilado e ribavirina. O paciente procurou o serviço de pneumologia por apresentar, há quatro meses, dispneia progressiva que evoluiu com tosse progressiva seguida da expulsão de moldes brônquicos frequentes e abundantes. O paciente foi tratado inicialmente com medicações broncodilatadoras e uso de corticoide oral e inalatório. Foram realizados fibrobro (mais) ncoscopia, lavado broncoalveolar e análise do escarro, os quais não acrescentaram informações para elucidação diagnóstica. Durante o período sintomático, o paciente fez uso de interferon peguilado e ribavirina para o tratamento de hepatite C. Após 30 dias da interrupção das medicações, o paciente ficou assintomático. Este é o primeiro relato sobre a associação entre molde brônquico e o uso de interferon peguilado e ribavirina. Resumo em inglês We report the case of a 50-year-old male patient with a rare profile: bronchial casts associated with the use of pegylated interferon and ribavirin. The patient sought treatment in a pulmonology clinic with a history of progressive dyspnea for four months that had evolved to progressive cough followed by frequent and abundant elimination of bronchial casts. The patient was initially treated with bronchodilators, as well as with oral and inhaled corticosteroids. Fiberoptic (mais) bronchoscopy, bronchoalveolar lavage and sputum analysis were carried out but did not contribute to the elucidation of the diagnosis. The symptoms developed while the patient was receiving pegylated interferon and ribavirin for the treatment of hepatitis C. The symptoms resolved 30 days after the discontinuation of the treatment. To our knowledge, this is the first report of bronchial casts caused by the use of pegylated interferon and ribavirin.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

65

Mielinólise pontina central e extra-pontina em paciente alcoolista sem distúrbios hidro-eletrolíticos: relato de caso/ Central pontine and extra-pontine myelinolysis in an alcoholic patient without electrolyte disturbances: case report

Germiniani, Francisco Manoel B.; Roriz, Mauricio; Nabhan, Samir K.; Teive, Helio A.G.; Werneck, Lineu C.
2002-12-01

Resumo em português A mielinólise pontina central (MPC) e extra-pontina (MEP) é enfermidade desmielinizante do encéfalo associada principalmente com a correção rápida da hiponatremia, que se manifesta principalmente por tetraparesia espástica e paralisia pseudo-bulbar. Existem na literatura poucos relatos de MPC/MEP em pacientes sem evidências de distúrbios hidro-eletrolíticos. Relatamos o caso de um paciente de 39 anos de idade, com história de alcoolismo intenso, com quadro de r (mais) ápida evolução com tetraparesia espástica associada a paresia de diversos nervos cranianos, com exame de ressonância magnética demonstrando lesões compatíveis com MPC/MEP. Houve boa evolução clínica após tratamento com costicosteróide. Resumo em inglês Central pontine myelinolysis (CPM) and extra-pontine myelinolysis (EPM) are different presentations of a demyelinating disorder of the brain more commonly associated with rapid correction of hyponatremia, spastic tetraparesia and pseudo-bulbar palsy. There are in the literature a few cases of CPM/EPM in patients without electrolyte disturbances. We report the case of a 39 year-old man with severe alcoholism, who presented with spastic tetraparesis and palsy of several cra (mais) nial nerves, associated with lesions in the magnetic resonance compatible with CPM/EPM. The patient had a good follow-up after pulse therapy with corticosteroids.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

66

Líquen plano oral (LPO): diagnóstico clínico e complementar/ Oral lichen planus (OLP): clinical and complementary diagnosis

Canto, Alan Motta do; Müller, Helena; Freitas, Ronaldo Rodrigues de; Santos, Paulo Sérgio da Silva
2010-10-01

Resumo em português O líquen plano é uma desordem comum do epitélio escamoso estratificado que acomete as mucosas oral e genital, a pele, as unhas e o couro cabeludo. O líquen plano oral (LPO) afeta mulheres de meiaidade e apresenta padrões e distribuição característicos, como estriações brancas, pápulas ou placas brancas, eritema, erosões e bolhas, que podem estar associadas a medicações e/ou materiais dentários no paciente. O diagnóstico clínico somente poderá ser feito s (mais) e a doença apresentar padrões clássicos, como lesões concomitantes na mucosa oral e na pele. O diagnóstico laboratorial por meio do exame histopatológico se caracteriza pela presença de projeções do epitélio em forma de dentes de serra e corpos de Civatte, e possibilita excluir condições de displasia e malignidade. A imunofluorescência direta é utilizada em suspeita de outras doenças, como pênfigo e penfigoide. O LPO é tratado com agentes anti-inflamatórios, principalmente, corticosteroides tópicos, e novos agentes e técnicas têm-se demonstrado eficazes. A transformação maligna do LPO e sua incidência exata permanecem controversas. Este trabalho tem como objetivo apresentar, com base na revisão da literatura, a etiopatogenia, o diagnóstico clínico, exames complementares e complicações do LPO. Resumo em inglês Lichen planus is a common disorder of the stratified squamous epithelium that affects oral and genital mucous membranes, skin, nails, and scalp. Oral Lichen Planus (OLP) affects middle-aged women and shows distribution patterns and characteristics such as white striations, white plaques or papules, erythema, blisters and erosions, and may be associated with medication and/or dental materials used by the patient. The clinical diagnosis can only be made if the disease prese (mais) nts classical patterns such as concomitant lesions in the oral mucosa and skin. The laboratory diagnosis is histopathologically characterized by the presence of projections of the epithelium in the form of sawtooth and Civatte bodies and allows the exclusion of dysplasia and malignancy. Direct immunofluorescence is used when there is suspicion of other diseases, such as pemphigus and pemphigoid. OLP is treated with anti-inflammatory agents, particularly topical corticosteroids; new agents and techniques have proved effective. The malignant transformation of OLP and its exact incidence remain controversial. This work aims at presenting, through literature review, the etiopathogenesis, clinical diagnosis, laboratory tests, and complications of OLP.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

67

Lipoproteína(a) na síndrome antifosfolípide primária/ Lipoprotein(a) in primary antiphospholipid syndrome

Carvalho, Jozélio Freire de; Caleiro, Maria Teresa Correia
2009-06-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar níveis de lipoproteína(a) em pacientes com síndrome antifosfolípide primária (SAFP) e suas possíveis associações clínicas e laboratoriais. MÉTODOS: Estudo transversal de 46 pacientes (93,5% do sexo feminino) com SAFP (critérios de Sapporo). Foram avaliados os dados demográficos e clínicos, medicações, anticorpos antifosfolípides, além da medida dos níveis séricos em jejum da lipoproteína(a). RESULTADOS: Os níveis de lipoproteína(a) (mais) ( > 30 mg/dL) foram vistos em 43,5% dos pacientes com SAFP, com média de 42 ± 43,5 mg/dL. Comparando-se o grupo com níveis maiores que 30 mg/dL com o grupo de pacientes com níveis menores ou iguais a este valor, não foram observadas diferenças significativas em relação a dados demográficos (idade, sexo, cor branca, peso, altura e índice de massa corporal), manifestações da doença (eventos arteriais, venosos, obstétricos, plaquetopenia), eventos cardiovasculares (infarto agudo do miocárdio, angina, acidente vascular cerebral), comorbidades, estilo de vida (atividade física, tabagismo atual e pregresso), uso de medicações (corticoide atual e pregresso, estatina, cloroquina), bem como à frequência de positividade de anticorpos antifosfolípides. CONCLUSÃO: Pacientes com SAFP apresentam uma frequência elevada de níveis aumentados de lipoproteína(a). Entretanto, nenhuma associação dessa anormalidade com as variáveis clínicas e laboratoriais estudadas foi encontrada. Resumo em inglês OBJECTIVE: To evaluate levels of lipoprotein(a) in patients with primary antiphospholipid syndrome (PAPS) and its possible associations with clinical and laboratory features. METHODS: Transversal study with 46 (93.5% female) PAPS patients (Sapporo criteria). Demographic, clinical, drugs use, and antiphospholipid antibodies data were evaluated, as well as measurements of lipoprotein(a) serum fasting levels. RESULTS: Elevated levels of lipoprotein(a) ( > 30 mg/dL) were obse (mais) rved in 43.5% of PAPS patients, with a mean of 42 ± 43.5 mg/dL. A comparison between patients with lipoprotein(a) higher than 30 mg/dL and those with

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

68

Linfadenopatia e lúpus eritematoso sistêmico/ Lymphadenopathy and systemic lupus erythematosus

Rosa Neto, Nilton Salles; Bonfiglioli, Karina Rossi; Milanez, Fernanda Manente; Macêdo, Patrícia Andrade de; Levy-Neto, Maurício
2010-02-01

Resumo em português A linfadenopatia no lúpus eritematoso sistêmico (LES) é um achado benigno encontrado comumente em jovens, com atividade cutânea e sintomas constitucionais, apresentando boa resposta à corticoterapia. O achado mais frequente à biópsia é a hiperplasia folicular reacional. Relatamos o caso de um paciente que, desde os 13 anos de idade, apresentava surtos recorrentes de linfadenopatia, acompanhados de hepatoesplenomegalia, febre e emagrecimento. Na evolução, aparece (mais) ram artrite, hipertensão arterial, proteinúria, miocardiopatia e neuropatia periférica. Foi amplamente investigado sem esclarecimento diagnóstico e submetido a tratamento empírico de tuberculose. Somente após cinco anos de evolução firmou-se o diagnóstico de LES e recebeu tratamento específico. O diagnóstico precoce nestes casos é difícil, pois a investigação laboratorial pode ainda não demonstrar presença de autoanticorpos ou hipocomplementemia. Resumo em inglês Lymphadenopathy is a benign finding in systemic lupus erythematosus (SLE), commonly seen in young patients with cutaneous involvement and constitutional symptoms, with good response to corticosteroids. Reactive follicular hyperplasia is the most frequent finding in biopsies. We report the case of a patient with recurrent episodes of lymphadenopathy associated with hepatosplenomegaly, fever, and weight loss since the age of 13 years. The patient also developed arthritis, h (mais) ypertension, proteinuria, cardiomyopathy, and peripheral neuropathy. His condition was investigated extensively without diagnostic clarification; he was treated, empirically, for tuberculosis. The patient received a diagnosis of SLE only five years after the original presentation and received the specific treatment. Early diagnosis in those cases is difficult because laboratorial exams may not show the presence of auto-antibodies and low complement levels.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

69

Insuficiência respiratória aguda como manifestação da síndrome de eosinofilia-mialgia associada à ingestão de L-triptofano/ Acute respiratory failure as a manifestation of eosinophilia-myalgia syndrome associated with L-tryptophan intake

Grangeia, Tiago de Araujo Guerra; Schweller, Marcelo; Paschoal, Ilma Aparecida; Zambon, Lair; Pereira, Mônica Corso
2007-12-01

Resumo em português A síndrome da eosinofilia-mialgia foi descrita em 1989 em pacientes que apresentavam mialgia progressiva e incapacitante e eosinofilia sérica, nos líquidos e secreções. A maioria dos pacientes relatava uso prévio de L-triptofano. Sintomas respiratórios são relatados em até 80% dos casos, eventualmente como manifestação única. O tratamento inclui suspensão da droga e corticoterapia. Relatamos o caso de uma mulher de 61 anos com insuficiência respiratória agu (mais) da após uso de L-triptofano, hidroxitriptofano e outras drogas. A paciente apresentava eosinofilia no sangue, lavado broncoalveolar e derrame pleural. Após a suspensão da medicação e corticoterapia, houve melhora clínica e radiológica em poucos dias. Resumo em inglês Eosinophilia-myalgia syndrome was described in 1989 in patients who presented progressive and incapacitating myalgia and eosinophilia in blood, fluids and secretions. Most patients report previous L-tryptophan intake. Respiratory manifestations are found in up to 80% of the cases, occasionally as the only manifestation. Treatment includes drug discontinuation and administration of corticosteroids. Here, we describe the case of a 61-year-old female admitted with acute resp (mais) iratory failure after using L-tryptophan, hydroxytryptophan and other drugs. The patient presented eosinophilia, together with elevated eosinophil counts in the bronchoalveolar lavage and pleural effusion. After discontinuation of the drugs previously used, corticosteroids were administered, resulting in clinical and radiological improvement within just a few days.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

70

Hipercalcemia secundária à necrose de tecido adiposo subcutâneo/ Hypercalcemia secondary to subcutaneous fat necrosis

Canto-Costa, Marcelo H. da Silva; Simão, Suzana Pacheco; Maas, Bianca Souza; Victório, Renata Sodero
2003-04-01

Resumo em português A necrose de tecido adiposo subcutâneo (NASC) do recém nascido é uma hipodermatite aguda que aparece nas primeiras quatro semanas de vida. Desenvolve-se em crianças vítimas de parto complicado ou de sofrimento fetal. Formam-se placas ou nódulos subcutâneos inflamatórios de coloração violácea e tamanhos variados que costumam regredir espontaneamente dentro de um ano. Pode ser acompanhada de hipercalcemia, por vezes grave, pondo a vida da criança em risco. Descr (mais) evemos um caso de NASC em que as lesões não eram visíveis e o cálcio plasmático atingiu níveis de 24,5mg/dL. Apesar da hipercalcemia extremamente elevada, o paciente teve evolução satisfatória sendo tratado com hidratação, corticoesteróides e dieta restritiva de cálcio e vitamina D. Alguns aspectos fisiopatológicos e de tratamento são discutidos. Resumo em inglês The necrosis of the subcutaneous fat tissue (NSFT) of the newborn is an acute hypodermatitis that has its onset during the first four weeks of life. It occurs in children born after complicated labors or who suffer fetal distress. Inflammatory purplish plaques or subcutaneous nodules of different sizes appear, usually waning spontaneously after a year. These lesions may be associated to hypercalcemia which can be serious and life-threatening. We describe a case of NSFT in (mais) which the lesions were not visible and serum calcium levels reached 24.5mg/dl. Despite the extremely severe hypercalcemia, the patient had a good outcome, being treated by hydration, corticosteroids, and diet with low calcium and vitamin D levels. Some fisiopathologic aspects and treatment are addressed.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

71

Hiper-homocisteinemia e síndrome antifosfolípide primária/ Hyperhomocysteinemia and primary antiphospholipid syndrome

Carvalho, Jozélio Freire de; Caleiro, Maria Teresa Correia; Bonfá, Eloísa
2009-08-01

Resumo em português OBJETIVOS: Investigar a prevalência de hiper-homocisteinemia e suas possíveis associações clínicas e laboratoriais em pacientes com síndrome antifosfolípide primária (SAFP). PACIENTES E MÉTODOS: Estudo transversal de 27 pacientes (88% mulheres) com SAFP (critérios de Sapporo). Foram avaliados dados demográficos, clínicos, comorbidades, medicações, anticorpos antifosfolípides, colhendo-se uma amostra de sangue para dosagem da homocisteína, pela técnica de (mais) cromatografia líquida de alta resolução. RESULTADOS: Seis (22%) dos 27 pacientes apresentaram níveis de homocisteinemia acima dos valores normais (98,7 ± 8,9 versus 8,0 ± 2,9 ¼M, P = 0,0008). Comparando-se o grupo de pacientes com hiper-homocisteinemia com aquele que apresentava níveis normais, verificou-se que ambos os grupos de pacientes com SAFP não diferiram estatisticamente em relação aos dados demográficos (idade, cor branca, peso, altura e índice de massa corporal), bem como ao tempo de duração de doença (64 ± 39,6 versus 77,9 ± 61,3 meses, P = 0,32). Nenhum dos grupos apresentou diferenças quanto às manifestações da doença (eventos arteriais, venosos e obstétricos, trombose venosa profunda, tromboembolismo pulmonar, plaquetopenia, infarto agudo do miocárdio, angina e acidente vascular cerebral), comorbidades (hipertensão arterial e dislipidemia), ao estilo de vida (atividade física e tabagismos atual e pregresso), bem como ao uso de medicações (corticoide atual e pregresso, estatina, cloroquina e ácido acetilsalicílico). A prevalência e os títulos de anticorpos anticardiolipina foram semelhantes em ambos os grupos. CONCLUSÃO: A hiper-homocisteinemia pode ser detectada em cerca de um quarto da população com SAFP, sem associação com características distintivas clínicas e laboratoriais dessa doença. Resumo em inglês OBJECTIVES: The objective of this study was to investigate the prevalence of hyperhomocysteinemia and its possible clinical and laboratorial associations in patients with primary antiphospholipid syndrome (PAPS). PATIENTS AND METHODS: This is a transversal study with 27 patients (88% women) with PAPS (Sapporo criteria). Demographic and clinical data, as well as comorbidities, medications, antiphospholipid antibodies, and blood concentrations of homocysteine, measured by h (mais) igh resolution liquid chromatography, were evaluated. RESULTS: Six (22%) out of 27 patients had high levels of homocysteine (98.7 ± 8.9 versus 8.0 ± 2.9 ¼M, P = 0.0008). Comparison between the group of patients with hyperhomocysteinemia and the group of patients with normal serum homocysteine levels did not show differences in the demographic data (age, white, weight, height, and body mass index) or in the duration of the disease (64 ± 39.6 versus 77.9 ± 61.3 months, P = 0.32). Differences in disease manifestations (arterial, venous, and obstetric events, deep venous thrombosis, pulmonary thromboembolism, thrombocytopenia, acute myocardial infarction, angina, and stroke), comorbidities (hypertension and hyperlipidemia), life style (physical activity, past and present smoking), as well as the use of medications (past and present use of corticosteroids, statins, chloroquine, and acetylsalicylic acid), were not observed between both groups. The prevalence and titers of anticardiolipin antibodies were similar in both groups of patients. CONCLUSION: Hyperhomocysteinemia can be detected in approximately one fourth of the PAPS patients, and it is not associated with distinct clinical and laboratorial characteristics of this disorder.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

72

Hemossiderose pulmonar idiopática tratada com azatioprina: relato de caso em criança/ Idiopathic pulmonary hemosiderosis treated with azathioprine in a child

Sant`Anna, Clemax Couto; Horta, Angélica Almada; Tura, Mônica Tessinari Rangel; March, Maria de Fatima Bazhuni Pombo; Ferreira, Sidnei; Aurilio, Rafaela Baroni; Vieira, Débora Brandão
2007-12-01

Resumo em português A hemossiderose pulmonar idiopática (HPI), principal causa de hemossiderose pulmonar em crianças, cursa com sangramento alveolar intermitente e presença de hemossiderófagos no escarro ou no lavado gástrico. O tratamento é baseado nos corticoesteróides e citostáticos, em condições especiais. Descreve-se o caso de uma menina de sete anos com HPI, que conseguiu controle parcial da doença mediante altas doses de corticoesteróide. O tratamento, no entanto, necessit (mais) ou ser suspenso gradualmente visto a paciente ter desenvolvido fácies cushingóide. Foi iniciada a associação da azatioprina ao corticóide até a substituição total por azatioprina isolada, cujo uso foi mantido por quatro anos, com ótimo resultado. Resumo em inglês Idiopathic pulmonary hemosiderosis (IPH), the main cause of pulmonary hemosiderosis in children, is characterized by intermittent alveolar bleeding and hemosiderin-laden macrophages in sputum and in gastric lavage. The treatment is based on corticosteroids and cytotoxic drugs, under special conditions. We describe the case of a 7-year-old girl with IPH who achieved partial clinical remission with high doses of corticosteroids. However, the treatment had to be discontinued (mais) because the patient developed Cushing's syndrome. Treatment was started with an azathioprine-corticosteroid combination and then changed to azathioprine alone, which was maintained for four years, with excellent results.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

73

Gastrenterite eosinofílica

Nobre, S. R.; Silva, T.; Cabral, J. E. Pina
2009-01-01

Resumo em português A gastrenterite eosinofílica é uma doença rara, caracterizada pela presença de infiltrado inflamatório eosinofílico em, pelo menos, um segmento do aparelho digestivo. A apresentação clínica é heterogénea, dependendo da localização, extensão e profundidade do processo inflamatório na parede do tubo digestivo. Pode haver associação com alergias e eosinofilia periférica. Os achados imagiológicos e endoscópicos são variáveis e inespecíficos, contribuind (mais) o somente para apoiar o diagnóstico. O tratamento da gastrenterite eosinofílica assenta fundamentalmente na corticoterapia. O prognóstico é globalmente favorável, sem risco acrescido de neoplasia gastrintestinal. Resumo em inglês Eosinophilic gastroenteritis is a rare disorder, characterized by eosinophilic infiltration of any part of the gastrointestinal tract. Clinical presentation is heterogeneous, depending on the site, length and depth of inflammation in the intestinal wall. Allergies and peripheral eosinophilia may be present. Radiographic and endoscopic findings are variable, nonspecific and only contribute to support the diagnosis. Corticosteroids are the mainstay of therapy. Prognosis is good and there is no increased risk of gastrointestinal malignancy.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

74

Espondiloartrites: análise de uma série Brasileira comparada a uma grande casuística Ibero-Americana (estudo RESPONDIA)/ Spondyloarthritis: analysis of a Brazilian series compared with a large Ibero-American registry (RESPONDIA group)

Gallinaro, Andrea Lopes; Ventura, Camila; Barros, Percival Degrava Sampaio; Gonçalves, Celio Roberto
2010-10-01

Resumo em português Estudos recentes relatam as características clínicas e epidemiológicas das espondiloartrites nas populações de diversos países ibero-americanos. O objetivo deste trabalho foi comparar os dados obtidos em um estudo epidemiológico brasileiro com os dados encontrados em diversos países ibero-americanos, que utilizaram um mesmo protocolo de investigação. A casuística brasileira apresentou maior frequência de pacientes com diagnóstico de espondilite anquilosante ( (mais) 72,3% brasileiros vs. 57,7% ibero-americanos), estando associada ao sexo masculino (73,6% vs. 66,0%) e ao antígeno de histocompatibilidade HLA-B27 positivo (65,9% vs. 51,8%). Com relação ao tratamento, os pacientes brasileiros fizeram mais uso de anti-inflamatório não hormonal (AINH) (77,0% vs. 71,2%) e menor uso de esteroides (7,5% vs. 18,5%). Resumo em inglês Recent studies have outlined the clinical and epidemiological profile of the spondyloarthritides in Ibero-American countries. The objective of this study was to compare the data collected in a Brazilian epidemiological study with the data obtained from other Ibero-American countries that used the same protocol of investigation. The Brazilian series presented a higher frequency of patients with ankylosing spondylitis (72.3% Brazilian vs. 57.7% Ibero-American), being associ (mais) ated with the male gender (73.6% vs. 66.0%) and histocompatibility antigen positive HLA-B27 (65.9% vs. 51.8%). Regarding the treatment, hormonal anti-inflammatory drugs - NSAIDS were more frequently prescribed to Brazilian patients (77.0% vs. 71.2%) and less often, corticosteroids (7.5% vs. 18.5%).

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

75

Esclerose múltipla: correlação clínico-laboratorial/ Multiple sclerosis: clinical and laboratorial correlation

Puccioni-Sohler, Marzia; Lavrado, Fabiola Passeri; Bastos, Reizer Reis Gonçalves; Brandão, Carlos Otávio; Papaiz-Alvarenga, Regina
2001-03-01

Resumo em português Aspectos clínicos e demográficos de 86 pacientes com o diagnóstico de esclerose múltipla (EM) forma clinicamente definida foram comparados aos achados do líquido cefalorraqueano. Do grupo total 30% encontrava-se em surto, 41% em remissão e 29% na forma crônica progressiva. Os pacientes com a forma crônica progressiva apresentavam índice de IgG sugestivo de imunoliberação intratecal em 76% dos casos, enquanto que aumento deste parâmetro foi observado em apenas (mais) 46% e 49%, das formas em surto e remissão, respectivamente (p Resumo em inglês The clinical and demographic characteristics of 86 Brazilian patients with clinically definite multiple sclerosis (MS) were compared to the cerebrospinal fluid (CSF) findings. The disease course was relapsing-remitting in 71% and chronic progressive in 29% of the cases. The IgG index was increased in 76% in the chronic progressive status and 46% and 49% during the bout and remission, respectively (p (mais) IgG index, in comparison to the 64% of the patients without immunosupressive treatment. Oligoclonal IgG bands were detected in the CSF of 77% and 88% of the MS corticosteroids users and non-users, respectively. The quantitative study of intrathecal synthesis of IgG contributes to demonstrate the immunological differences between the two forms of MS, the relapsing-remitting and the chronic progressive. The treatment with corticosteroids decreases quantitatively the intrathecal synthesis of IgG but not the presence of oligoclonal bands.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

76

Esclerite posterior: características clínicas, associação sistêmica, tratamento e evolução de 23 pacientes/ Posterior scleritis: clinical features, systemic association, treatment and evolution of 23 patients

Machado, Danuza de Oliveira; Curi, André Luis Land; Bessa, Thaís Fontes; Campos, Wesley Ribeiro; Oréfice, Fernando
2009-06-01

Resumo em português OBJETIVOS: Documentar características clínicas, associações sistêmicas, tratamento e evolução de 23 pacientes com esclerite posterior, examinados no serviço de uveítes da Universidade Federal de Minas Gerais. MÉTODOS: Revisão de todos os pacientes com esclerite atendidos neste serviço, de 1999 até 2006, para identificar aqueles com esclerite posterior. Identificados 23 pacientes, registrados e analisados os dados com relação aos sinais e sintomas oculares, (mais) visão, alterações na ecografia, manifestações sistêmicas, tratamento e evolução. RESULTADOS: Dezesseis pacientes do sexo feminino e 7 do sexo masculino com média de idade de 44,7 anos. Esclerite posterior ocorreu associada à esclerite anterior em 10 pacientes, envolvimento unilateral em 17 pacientes e, bilateral simultâneo, em 6 pacientes. Esclerite posterior associada à doença sistêmica ocorreu em 8 pacientes (síndrome de Cogan, tuberculose, granulomatose de Wegener, herpes simples e zoster, aspergilose, retocolite-ulcerativa e sarcoidose). A principal queixa foi dor ocular seguida de embaçamento visual e o sinal fundoscópico que predominou foi o descolamento seroso de retina. O achado mais comum na ecografia foi espessamento da parede escleral observado em 18 pacientes e a principal forma de tratamento, o uso de corticóide sistêmico. Somente 4 pacientes necessitaram de imunossupressor. CONCLUSÃO: Esclerite posterior é doença de difícil diagnóstico e pode ser potencialmente devastadora. Análises estatísticas são incapazes de revelar outras características específicas da esclerite posterior, características clínicas dos pacientes e evolução da doença que poderiam ajudar na identificação dos casos com maior risco de perda visual ou com maior probabilidade de doença sistêmica. Resumo em inglês PURPOSE: To document the clinical features, systemic association, treatment and evolution of 23 patients with posterior scleritis evaluated in the Uveitis service of the Federal University of Minas Gerais. METHODS: 23 patients were identified with the diagnosis of posterior scleritis. Signals and symptoms, visual acuity, B-mode ultrasonography signals, systemic associations, treatment and evolution were described and analyzed. RESULTS: Sixteen patients were female and sev (mais) en were male with mean age of 44,7 years. Posterior scleritis occurred in association with anterior scleritis in 10 patients, unilateral involvement in 17 patients and simultaneous bilateral involvement in 6 patients. Posterior scleritis in association with systemic disease occurred in 8 patients (Cogan's syndrome, TBC, Wegener, Herpes simplex and Zoster, Apergilosis, inflamatory bowel disease and Sarcoidosis). The main symptoms were ocular pain and decrease of visual acuity and the main signal was retinal serous detachment. Increase of thickness choroidal tissue was the main signal in B-mode ultrasonography in 18 patients and the principal kind of treatment was the use of systemic corticosteroids. Only 4 patients required systemic immunosuppressive drugs. CONCLUSIONS: Posterior scleritis still represents a diagnostic challenge and is often associated with life threatening systemic disease and vision threatening ocular complications. Knowledge of posterior scleritis may aid in determining timely and accurate diagnosis and treatment of both ocular and any systemic conditions associated, thus decreasing morbidity and mortality. Elevated suspicion rate is always required to detect this condition.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

77

Efeitos dos corticoesteroides nas lesões por radiofrequência na coxa de ratos em diferentes faixas etárias/ Effects of the corticosteroids in the lesions by radiofrequency on rats' thigh in different age groups

Okada, Mieko; Araújo, Sérgio de; Franco, Marcello; Paola, Angelo de; Fenelon, Guilherme
2010-08-01

Resumo em português FUNDAMENTO: Os corticosteroides limitam o crescimento tardio das lesões por radiofrequência (RF) no músculo da coxa de ratos filhotes, mas seus efeitos em ratos púberes e adultos são desconhecidos. OBJETIVO: Avaliar os efeitos dos corticoesteroides na cicatrização das lesões por RF no músculo da coxa de ratos em diferentes faixas etárias. MÉTODOS: Realizou-se ablação no músculo da coxa de 30 ratos (1 lesão por animal): infantis (30 dias de idade, peso 73 g, (mais) n = 10), púberes (60 dias de idade, peso 230 g, n = 10) e 10 adultos (90 dias de idade, 310 g, n = 10), subdivididos em controles e tratados, que receberam Hidrocortisona (10 mg/kg IM pós-RF) e Betametasona (3,5 mg/kg IM, duas vezes por semana, por 29 dias). Os ratos foram sacrificados 60 dias após a ablação para análise histopatológica e planimétrica com software específico (ImageJ®). RESULTADOS: Nos infantis, púberes e adultos o ganho de peso no seguimento não diferiu entre controles e tratados. Nos controles, as lesões dos infantis e púberes eram maiores (p = 0,01) que as dos adultos. O tratamento reduziu o tamanho da lesão nos infantis (5,58+0,61 mm² vs 4,02+0,23 mm²; p Resumo em inglês BACKGROUND: The corticosteroids limit the late growth of the lesions by radiofrequency (RF) on the rats' infants' thighs, but the effects on the pubescent and adult rats are unknown. OBJECTIVE: Evaluate the effects of the corticosteroids in the healing of the lesions by RF on the rats' thighs muscles in different age groups. METHODS: Ablation was performed on the thigh muscle of 30 rats (1 lesion per animal): infants (30 days old, weight 73 g, n = 10), pubescents (60 days (mais) old, weight 230 g, n = 10) and 10 adults (90 days old, 310 g, n = 10), subdivided in control and treated groups, that received Hydrocortisone (10 mg/kg IM post-RF) and Betametasone (3.5 mg/kg IM, twice a week, for 29 days). The rats were sacrificed 60 days after the ablation for hystopathological and planimetric analysis with specified software (ImageJ®). RESULTS: In the infant, pubescent and adult groups, the weight gain in the follow up did not differ between the control and the treated ones. In the control group, the lesions of the infants and pubescents were superior (p = 0.01) to the adults'. The treatment reduced the size of the lesion in the infants (5.58+0.61 mm² vs 4.02+0.23 mm²; p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

78

Efeitos da injeção subtenoniana posterior de corticóide em pacientes com uveíte/ The effects of posterior subtenon injection of corticosteroids in patients with uveitis

Finamor, Luciana Peixoto; Dimantas, Maria Angélica P.; Campos, Vânia Ewert de; Prata Jr., João Antônio; Muccioli, Cristina
2003-06-01

Resumo em português OBJETIVO: Determinar os efeitos da injeção subtenoniana posterior de corticóide (ISPC) sobre a pressão intra-ocular (Po) e acuidade visual em uma série de pacientes com uveíte. MÉTODOS: Estudo prospectivo de 18 pacientes que foram submetidos à injeção subtenoniana posterior de acetato de triancinolona (Kenalog® 40 mg - 9 pacientes, 14 injeções) ou acetato de metilprednisolona (Depomedrol® 40mg - 9 pacientes, 15 injeções) para tratamento de inflamação int (mais) ra-ocular crônica e/ou edema macular cistóide. RESULTADOS: A acuidade visual final melhorou em 92% dos pacientes após a primeira injeção periocular de corticóide. Cinqüenta por cento melhoraram 1 linha e 42% melhoraram pelo menos 3 linhas, sendo que o tempo médio para a melhora foi de 3 semanas. Aumento da pressão intra-ocular ocorreu em 44 % dos pacientes (8 pacientes) com média de 31 mmHg, variando de 21 a 38 mmHg. O aumento da pressão intra-ocular foi mais freqüente nos pacientes jovens e nos que receberam Kenalog®, com início, em média, após 2,5 semanas. CONCLUSÃO: Ainjeção subtenoniana de corticóide é uma forma de tratamento eficaz para a baixa acuidade visual secundária a alguns tipos de uveíte, como uveíte intermediária, doença de Behçet, síndrome de Vogt-Koyanagi-Harada, vasculite retiniana e artrite reumatóide. Porém, pode induzir aumento da pressão intra-ocular em alguns pacientes, especialmente em crianças e jovens. Resumo em inglês PURPOSE: To determine the effects of posterior subtenon steroid injection (PSSI) according to intraocular pressure and visual acuity, in patients with uveitis. METHODS: Eighteen patients with diagnosis of uveitis were analized and submitted to posterior subtenon steroid injection of triancinolone acetonide (Kenalog® 40mg - 9 patients, 14 injections) or of methyl- prednisolone acetate (Depomedrol® 40mg - 9 patients, 15 in- jections) for the treatment of chronic eye infla (mais) mmation or cystoid macular edema. RESULTS: Final visual acuity improved in 92% of the patients after the first injection; 50% improved one line, and 42% improved at least three lines. The mean time for improvement was three weeks. Increase of IOP occurred in 44% of the patients (8 patients), who showed a mean intraocular pressure of 31 mmHg and a range of 21 to 38 mmHg. It was more frequent among young patients, and in the Kenalog® group, with onset after 2.5 weeks on average. CONCLUSION: A subtenoninjection of corticosteroids appears to be an effective treatment for decreased vision associated with some types of uveitis, such as intermediate uveitis, Behçet's disease, Vogt-Koyanagi-Harada syndrome, retinal vasculitis and rheumatoid arthritis. However, it may contribute to increase in intraocular pressure in some cases, specially in children and young patients.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

79

Doença de Mucha-Habermann úlceronecrótica febril em adulto com boa resposta à corticoterapia oral/ Febrile ulceronecrotic Mucha-Habermann disease in adult patient successfully treated with systemic corticosteroid

Nassif, Priscila Wolf; Godoy, Deise Aparecida Santos; Nakandakari, Sadamitsu; Alves, Cinthia Janine Meira; Soares, Cleverson Teixeira
2010-12-01

Resumo em português A doença de Mucha-Habermann ulceronecrótica febril (FUMHD) é uma variante clínica rara da pitiríase liquenoide variceliforme aguda (PLEVA). Tem etiologia incerta e é caracterizada por lesões úlceronecróticas, associadas a sintomas sistêmicos. Relata-se um caso de paciente masculino, com início agudo de lesões máculo-papulares, vesicobolhosas e úlceronecróticas, associadas à febre alta e mialgia. Tratado com prednisona 0,5 mg/kg/dia, obteve-se excelente res (mais) posta terapêutica. A FUMHD é uma variante severa da PLEVA, cujo diagnóstico é clínico e histopatológico. Vários tratamentos são descritos, tais como: metrotexate, corticoesteroides, PUVA, mas nenhum foi estabelecido. Resumo em inglês The Febrile Ulceronecrotic Mucha-Habermann (FUMHD) disease is a rare variant of pityriasis lichenoides et varioliformis acuta (PLEVA). Its etiology still remains unknown and it is characterized by a sudden onset of ulceronecrotic skin lesions associated with systemic symptons. It is reported here the case of a male patient with a sudden and acute evolution of macules and papules, ulceronecrotic and vesicle-bullous lesions associated with systemic symptons. The patient was (mais) treated with prednisone 0,5 mg/kg/day with a dramatic response. The FUMHD is a severe variant of PLEVA and its diagnosis is clinical and histopathological. Many treatments such as methotrexate, corticosteroids and PUVA have been described .However, none of them has been settled.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

80

Doença de Castleman associada a sarcoma de células dendríticas foliculares e miastenia gravis/ Castleman's disease associated with follicular dendritic cell sarcoma and myasthenia gravis

Westphal, Fernando Luiz; Lima, Luís Carlos de; Santana, Luiz Carlos Lopes; Netto, José Corrêa Lima; Amaral, Vanise Campos Gomes; Silva, Márcia dos Santos da
2010-12-01

Resumo em português A doença de Castleman é um distúrbio linfoproliferativo atípico, de etiologia desconhecida, que pode estar associada a uma série de condições clínicas, inclusive doenças de caráter autoimune e neoplasias malignas. No presente relato, uma paciente de 72 anos foi encaminhada ao serviço de cirurgia torácica do Hospital Universitário Getúlio Vargas, localizado na cidade de Manaus (AM) para a ressecção de um tumor de mediastino posterior. Três meses antes, hav (mais) ia sido internada em UTI com um quadro de dispneia intensa, ocasião na qual foi diagnosticada miastenia gravis. Após a ressecção da massa mediastinal, a análise histopatológica revelou doença de Castleman hialino-vascular complicada por sarcoma de células dendríticas foliculares. Até o momento da redação deste estudo, a paciente utilizava um anticolinesterásico e corticoides para o controle da miastenia gravis. Resumo em inglês Castleman's disease is an atypical lymphoproliferative disorder of unknown etiology, which might be associated with various clinical conditions, including autoimmune diseases and malignant neoplasms. We report the case of a 72-year-old female patient who was referred to the thoracic surgery department of Getúlio Vargas University Hospital, in the city of Manaus, Brazil, for the resection of a posterior mediastinal tumor. Three months prior, the patient had been admitted (mais) to the ICU with signs of severe dyspnea, at which time she was diagnosed with myasthenia gravis. After the resection of the mediastinal tumor, the histopathological examination revealed hyaline vascular-type Castleman's disease, complicated by follicular dendritic cell sarcoma. At this writing, the patient was being treated with an anticholinesterase agent and corticosteroids for the control of myasthenia gravis.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

81

Dermatomiosite/ Dermatomyositis

Ortigosa, Luciena Cegatto Martins; Reis, Vitor Manoel Silva dos
2008-06-01

Resumo em português Dermatomiosite é doença idiopática inflamatória crônica que afeta a musculatura estriada, a pele e outros órgãos. Apresenta critérios diagnósticos definidos por Bohan & Peter, podendo os pacientes ser classificados em cinco grupos: dermatomiosite juvenil, dermatomiosite primária idiopática, dermatomiosites amiopáticas, dermatomiosite associada a neoplasias e dermatomiosite associada a outras doenças do tecido conectivo. O sexo feminino é mais afetado, e a id (mais) ade média do diagnóstico é 40 anos. Manifestações cutâneas são observadas em todos os pacientes. Das alterações sistêmicas, a manifestação muscular mais freqüente é a perda de força proximal, e a manifestação pulmonar mais comum é a pneumopatia intersticial. Podem ser observadas neoplasias durante o seguimento da doença, sendo mais freqüentes nos pacientes acima de 60 anos. A desidrogenase lática é a enzima muscular alterada na maioria dos casos. Para diagnóstico da dermatomiosite, pode ser realizado exame anatomopatológico de biópsia cutânea e biópsia muscular, além de eletroneuromiografia. Os corticóides são a terapia mais utilizada. As causas de óbito mais freqüentes são a neoplasia maligna, a septicemia e a infecção pulmonar. Resumo em inglês Dermatomyositis is a chronic idiopathic inflammatory disorder that affects striated skeletal muscles, the skin, and other organs. Diagnostic criteria were established by Bohan & Peter and patients may be classified into five groups: juvenile dermatomyositis, primary dermatomyositis, amyopatic dermatomyositis, dermatomyositis associated with malignancies and dermatomyositis associated with other connective tissue disorders. Females are more affected and the mean age of dia (mais) gnosis is 40 years. Skin manifestations are observed in all patients. Loss of proximal strength is the most common systemic alteration and lung involvement is most often manifested as interstitial pneumopathy. Neoplasms may be detected during the course of the disease specially in patients over 60. Lactic dehydrogenase serum levels are altered in the majority of cases and diagnosis can be established or the basis of skin and muscle biopsies and electroneuromiography. Corticosteroids are the first line drugs. The most common causes of death are malignant neoplasms, sepsis and pulmonary infection.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

82

Criptococose mamária manifesta após corticoterapia/ Cryptococcal mastitis after corticosteroid therapy

Ramos-Barbosa, Sória; Guazzelli, Luciana Silva; Severo, Luiz Carlos
2004-02-01

Resumo em português Descrevemos caso de criptococose mamária em paciente de 46 anos em uso de corticoterapia. A micose foi diagnosticada por histopatologia e detecção de antígenos criptocócicos. Destacamos o dilema diagnóstico do granuloma sarcóide e a rara manifestação de mastite criptocócica. Resumo em inglês We described a case of cryptococcal mastitis in a 46 years old female patient receiving corticosteroids for sarcoidosis. There was radiological pulmonary deterioration and a cystic lesion was found in the left breast.The mycosis was diagnosed by histopathology and cryptococcal antigens. We emphasized the sarcoid granuloma diagnostic's dilemma an the rare manifestation of cryptococcal infection as mastitis.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

83

Criptococose disseminada em lúpus eritematoso sistêmico juvenil/ Disseminated cryptococcosis in juvenile systemic erythematosus lupus

Mafra, Mayara de Oliveira; Neves, Rejane Nina M.; Lima, Domingos Sávio N.; Takatani, Massanobu; Passos, Luiz Fernando de Souza; Ribeiro, Sandra Lúcia Euzébio
2008-12-01

Resumo em português O lúpus eritematoso sistêmico (LES) é uma doença inflamatória multissistêmica, na qual as infecções são responsáveis por altos índices de morbimortalidade. Os usos de corticóide e imunossupressores contribuem para o aumento das infecções. Embora as bactérias sejam os agentes mais comuns, grande variedade de patógenos tem sido relatada. Este artigo descreve um caso de LES em um menino de 15 anos com criptococose disseminada (sistema nervoso central, pulmão (mais) e rim) e encefalite tuberculosa presumível. A coexistência de infecção por Cryptococcus e LES é descrita na literatura, mas a associação desta com encefalite tuberculosa é incomum. O risco potencial de infecções em pacientes lúpicos imunossuprimidos deve alertar o médico a adotar estratégias diagnósticas e terapêuticas precoces visando ao espectro ampliado de possíveis patógenos. Resumo em inglês Systemic lupus erythematosus (SLE) is a multisystem inflammatory disease, in which infection is responsible for high rates of mortality. The use of corticosteroids and immunosuppressive therapy contributes to this high incidence of infections. Although bacteria are the most common agents, a wide variety of pathogens has been reported. This article reports a case of SLE in a 15 years-old boy with disseminated criptococosis (central nervous system, lungs and kidneys) and pr (mais) esumptive tuberculous encephalitis. The coexistence of infection by Cryptococcus and SLE is described in the literature, but the combination of this with tuberculous encephalitis is uncommon. The potential risk of infection in immunosuppressed SLE patients should alert the physician to adopt early diagnostic and therapeutic strategies aiming at an extended spectrum of pathogens.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

84

Corticoide sistêmico como tratamento de primeira linha da hipertensão pulmonar secundária a síndrome POEMS/ Systemic corticosteroids as first-line treatment in pulmonary hypertension associated with POEMS syndrome

Rached, Samia; Athanazio, Rodrigo Abensur; Dias Júnior, Sérvulo Azevedo; Jardim, Carlos; Souza, Rogério
2009-08-01

Resumo em português A síndrome POEMS é uma rara doença de plasmócitos. A ocorrência de hipertensão pulmonar como complicação respiratória da síndrome é pouco frequente e pode estar ligada ao aumento de várias citocinas, quimiocinas e fatores de crescimento como parte dos fenômenos inflamatórios que cercam a fisiopatologia da síndrome POEMS. Descrevemos o caso de uma mulher de 54 anos com síndrome POEMS e hipertensão pulmonar, que foi tratada com corticoide como terapia de pr (mais) imeira linha. Tratava-se de uma paciente com clássicos sintomas dessa síndrome: polineuropatia (confirmada por eletroneuromiografia), organomegalia, hipotireoidismo subclínico, gamopatia monoclonal em dosagem urinária e alterações cutâneas. A cateterização cardíaca direita revelou pressão arterial pulmonar média de 48 mmHg, débito cardíaco de 4,1 L/min e resistência vascular pulmonar de 8,05 Woods. O nível sérico de brain natriuretic peptide (BNP) foi de 150 pg/mL. Nenhuma outra doença foi encontrada durante investigação. Prednisona (1 mg/kg por três meses) foi iniciada, com dramática melhora clínica e funcional, além de normalização dos níveis dos hormônios tireoidianos e de proteína em urina por eletroforese. A pressão arterial pulmonar média caiu para 26 mmHg, o débito cardíaco para 3,8 L/min e a resistência vascular pulmonar para 2,89 Woods. O nível sérico de BNP caiu para 8pg/mL. Nossos achados indicam o potencial papel da corticoterapia como primeira linha de tratamento na hipertensão pulmonar associada à síndrome POEMS. Diante da raridade dessa apresentação, um registro multicêntrico deveria ser desenvolvido para permitir a aquisição de mais dados que suportem essa conduta. Resumo em inglês The POEMS syndrome is a rare plasma cell disease. Pulmonary hypertension is an infrequent respiratory complication of this syndrome and might be associated with increased levels of various cytokines, chemokines and growth factors as part of the inflammatory phenomena that involve the physiopathology of POEMS syndrome. We present the case of a 54-year-old woman diagnosed with POEMS syndrome and pulmonary hypertension, which were treated with corticosteroids as the first-li (mais) ne therapy. The patient presented with the classic symptoms of this syndrome: polyneuropathy (confirmed by electromyography), organomegaly, subclinical hypothyroidism and monoclonal gammopathy detected in urine, together with skin changes. Right heart catheterization revealed a mean pulmonary artery pressure of 48 mmHg, a cardiac output of 4.1 L/min and pulmonary vascular resistance of 8.05 Woods. The serum level of brain natriuretic peptide (BNP) was 150 pg/mL. No other underlying disease was found during the investigation. Prednisone (1 mg/kg for three months) was then initiated, with a dramatic improvement in the clinical and functional condition. Levels of thyroid hormones and urinary protein levels (as determined using electrophoresis) normalized. Mean pulmonary artery pressure decreased to 26 mmHg, cardiac output decreased to 3.8 L/min, and pulmonary vascular resistance decreased to 2.89 Woods. Serum levels of BNP dropped to 8 pg/mL. Our findings suggest that corticosteroids could play a role as a first-line treatment in pulmonary hypertension accompanied by POEMS syndrome. Due to the rarity of this presentation, a multicenter registry should be developed to allow the compilation of additional data to support this practice.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

85

Comprometimento da habilidade verbal no lúpus eritematoso sistêmico juvenil/ Verbal ability impairment in juvenil e systemic lupus erythematosus

Santos, Maria Carolina dos; Okuda, Eunice Mitiko; Ronchezel, Marcos Vinícius; Leon, Elaine Pires; Trindade, Vilma S; Bastos, Wanda Alves; Sacchetti, Silvana B
2010-08-01

Resumo em português INTRODUÇÃO/OBJETIVO: Avaliar a frequência do comprometimento da habilidade verbal e possíveis fatores associados em pacientes portadores de Lúpus Eritematoso Sistêmico Juvenil (LESJ). PACIENTES E MÉTODOS: Estudo transversal de 36 crianças e adolescentes com LESJ, de um grupo de 57 pacientes, do Ambulatório de Reumatologia do Departamento de Pediatria e Clínica Médica da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo. Por ocasião do diagnóstico e do estudo, foram a (mais) nalisados aspectos epidemiológicos, clínicos, socioeconômicos e de escolaridade. Os pacientes foram submetidos a testes cognitivos e exames laboratoriais, e foram avaliadas medidas de atividade da doença (SLEDAI) e do dano cumulativo (SLICC-DI) e o tratamento com corticoesteroide. Os pacientes foram submetidos a testes cognitivos (escalas Weschler de inteligência: WISC III e WAISS III), e os resultados foram avaliados de acordo com os aspectos epidemiológicos, clínicos, laboratoriais e terapêuticos. RESULTADOS: A média de idade ao diagnóstico foi de 11,2 ± 2 anos, a idade na época do estudo de 15,4 ± 4,7 anos, com 89% do sexo feminino. Houve predomínio de pacientes da classe socioeconômica C (61,1%). O comprometimento cognitivo detectado nesses pacientes foi frequente (58,3%), sendo o comprometimento da habilidade verbal um dos domínios cognitivos mais constantes. Encontrou-se associação do comprometimento da habilidade verbal com baixa condição socioeconômica e dano cumulativo (P Resumo em inglês INTRODUCTION/OBJECTIVE: Evaluate the frequency of verbal ability impairment and associated factors in patients with juvenile systemic lupus erythematosus (JSLE). PATIENTS AND METHODS: Cross sectional study of 36 children and adolescents with JSLE of a group of 57 patients at the Clinic of Rheumatology, Department of Pediatrics and Medical Clinic of Santa Casa de Misericórdia de São Paulo. At the time of diagnosis and study, we analyzed the following epidemiological feat (mais) ures: clinical, socioeconomic, and educational level. Patients underwent cognitive and laboratory tests and we assessed disease activity (SLEDAI), cumulative damage (SLICC-DI), and treatment with corticosteroids. The patients underwent cognitive tests (Wechsler Intelligence Scales: WISC III and Waiss III), and the results were evaluated according to epidemiological, clinical, laboratory and treatment features. RESULTS: The mean age at diagnosis was 11.2 ± 2 years and at the time of the study the mean age was 15.4 ± 4.7 years. There was predominance of women (89%) and of socioeconomic class C patients (61.1%). The cognitive impairment found in these patients was frequent (58.3%), affecting more often the verbal ability. We found association of verbal ability impairment with low socioeconomic status and cumulative damage (P

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

86

Complicações pulmonares após uso de crack: achados na tomografia computadorizada de alta resolução do tórax/ Pulmonary complications of crack cocaine use: high-resolution computed tomography of the chest

Mançano, Alexandre; Marchiori, Edson; Zanetti, Gláucia; Escuissato, Dante Luiz; Duarte, Beatriz Cunha; Apolinário, Lourenço de Araujo
2008-05-01

Resumo em português Relatamos os achados na tomografia computadorizada de alta resolução de um paciente que, após uso de cocaína fumada (crack), desenvolveu quadro de hemoptise, dispnéia e dor torácica súbitas. As radiografias de tórax mostravam consolidações predominando em lobos superiores. A tomografia de alta resolução evidenciava opacidades em vidro fosco, consolidações e nódulos do espaço aéreo. Nova tomografia de controle, após suspensão da droga e uso de corticóid (mais) es, mostrou regressão parcial das lesões e aparecimento de escavações. A correlação entre os achados clínicos, laboratoriais e de imagem permitiu o diagnóstico de "pulmão de crack". Resumo em inglês Here, we report high-resolution computed tomography (HRCT) findings in a patient who developed sudden hemoptysis, dyspnea and chest pain after smoking crack cocaine. Chest X-rays showed consolidations, primarily in the upper lobes, and HRCT scans showed ground glass attenuation opacities, consolidations and air-space nodules. A follow-up CT, after drug use discontinuation and administration of corticosteroids, showed partial resolution of pulmonary lesions and the appearance of cavitations. Clinical, imaging and laboratory findings led to a diagnosis of 'crack lung'.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

87

Candidíase laríngea isolada em paciente imunocompetente: relato de caso e revisão literária pertinente/ Isolated laryngeal candidiasis in a immunocompetent patient: a case report and a literature review

Perazzo, Paulo S. L.; Martin, Luiz Ricardo L.; Moura, Milton Pamponet da Cunha; Melo, Max Adrian M.; Carvalho, Márcio da Silva
2004-04-01

Resumo em português Através de revisão de literatura, confirma-se que infecção laríngea por cândida é uma entidade rara e usualmente associada a infecção pulmonar ou candidíase disseminada¹. Candidíase em laringe de forma isolada (C.L.I.) é uma patologia ainda mais rara, e comumente relacionada a pacientes imunodeficientes². Sabe-se que à laringoscopia direta, a candidíase pode apresentar achados físicos pobres como simples hiperemia local ou mesmo leucoplasia, mimetizando p (mais) atologias como DRGE até neoplasias, fazendo, pois, parte do diagnóstico diferencial. Encontramos e documentamos em nosso serviço um caso de infecção por cândida de forma isolada em laringe (C.L.I.) em paciente imunocompetente. Havia comprometimento laríngeo importante, inclusive com lesão deformante em epiglote, simulando processo neoplásico. O diagnóstico foi estabelecido por videolaringoscopia e 2 biópsias da lesão encontrada, sendo os materiais obtidos submetidos a 2 estudos histopatológicos. Tomamos o cuidado de afastar síndromes imunodeficitárias, inclusive de etiologia viral, através de pesquisa sorológica e investigação sobre abuso de corticoesteróides ou antibióticos sistêmicos. Fizemos o follow-up do paciente "per" e pós tratamento com antifúngico sistêmico, acompanhando evolução e melhora através da endoscopia e sinais clínicos. Resumo em inglês After a literature revision it is confirmed that the larynx candidiasis is rare and usually associated with lungs infection or systemic candidiasis. The larynx isolated form is more rare and seldom associated to immunological disease. It is known that through endoscopic examination, the candidiasis of larynx can show a single local erythema or leucoplasy, simulating G.E.R.D. or even neoplasia, which are the main differential diagnosis. We reported in our hospital an immun (mais) ocompetent patient with isolated laryngeal candidiasis. There was an important involvement of larynx with degenerative lesions on epyglote, simulating a neoplasic process. The diagnosis was confirmed by biopses and histophatologic analyses. We crossed off hypotheses corticosteroids and antibiotics abuse. We followed up during and after the treatment with antifungeal by the use of endoscopic and clinical improvement.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

88

Bronquiolite obliterante com pneumonia organizada (BOOP): Experiência de um serviço de pneumologia/ Bronchiolitis obliterans organizing pneumonia: Experience of a pulmonology ward

Fonseca, Ana L; Meruje, Manuela; Barata, Fernando; Martins, Yvette
2007-05-01

Resumo em português A bronquiolite obliterante com pneumonia organizada (BOOP) é uma entidade clinicopatológica que associa clínica e imagiologia sugestivas à evidência de cilindros de tecido conjuntivo no lúmen dos espaços aéreos distais. Procedeu-se à análise retrospectiva dos casos de BOOP diagnosticados no Serviço de Pneumologia do Centro Hospitalar de Coimbra (CHC) entre 2000 e 2005. Foram diagnosticados 11 casos (6 doentes do sexo feminino e 5 do masculino); média de idades (mais) de 54,8 anos; 10 não fumadores e 1 ex-fumador; tempo médio de evolução de 62,1 dias; os sintomas iniciais foram dispneia (8), tosse (7), febre (5) e emagrecimento (2); 9 doentes cumpriram antibioterapia prévia; as alterações do exame físico eram: crepitações à auscultação do tórax (6), febre (6) e dispneia (5); a telerradiografia do tórax mostrou opacidades alveolares difusas bilaterais (6), opacidade alveolar focal unilateral (3), nódulos pulmonares múltiplos bilaterais (1) e padrão intersticial difuso bilateral (1); o EFR foi realizado em 7 doentes, apresentando baixa DLCO/VA em 5; o LBA foi realizado em 8 doentes, apresentando todos alveolite linfocítica e CD4/CD8 baixo em 4; o diagnóstico foi obtido por BPTB (7), VATS (2) e BPTT (1). Foi instituída corticoterapia sistémica em 9 doentes; a evolução foi favorável em 10; um doente faleceu. Os autores destacam o tempo de evolução dos sintomas até ao diagnóstico, a falência de múltiplos antibióticos, a concordância dos sintomas e alterações radiológicas com os habitualmente descritos na literatura, a alveolite linfocitica no LBA, a rentabilidade da BPTB como técnica de diagnóstico e a boa resposta à corticoterapia. Resumo em inglês Bronchiolitis obliterans organizing pneumonia (BOOP) is a physiopathologic syndrome associating suggestive clinical and imaging features with histopathologic studies showing buds of connective tissue in the lumen of the distal pulmonary airspace. The aim of the study is a retrospective review of all patients with BOOP diagnosed in the Pulmonology Unit of Coimbra Hospital Centre (CHC) between 2000 and 2005. Eleven cases (6 female and 5 male) with mean age 54.8 years were d (mais) iagnosed. Ten patients were non-smokers and one was an ex-smoker. The mean duration of symptoms was 62.1 days with the initial symptoms dyspnea (8), cough (7), fever (5) and weight loss (2). Nine patients had been given multiple antibiotics, crackles were heard in 6, fever was detected in 6 and dyspnea in 5. Chest X-ray showed bilateral alveolar opacities in 6, focal consolidation in 3, multiple bilateral nodular opacities in 1 and linear opacities in 1. Lung function, performed in 7 patients, showed a reduction in the diffusion capacity in 5. BAL was performed in 8, and all revealed an increase in the percentage of lymphocytes, with low CD4/CD8 in 4. Diagnosis was obtained by pulmonary biopsy performed by TBLB (7), VATS (2) and TTLB (1). Systemic corticosteroids were given in 9 patients. Evolution was favourable in 10 and one patient died. The authors emphasise the time symptoms took to develop, the failure of multiple antibiotics, agreement between symptoms and imaging with those published in the literature, the increased lymphocytes in the BAL, the usefulness of TBLB and the good response to corticosteroids.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

89

Avaliação da inflamação com base na liberação de radicais oxidantes por granulócitos na asma crônica não-controlada/ Assessment of inflammation based on the release of oxygen radicals by granulocytes in chronic uncontrolled asthma

Sartorelli, Cristina F.; Rehder, Jussara; Condino Neto, Antonio; Vilela, Maria Marluce S.
2009-04-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar a liberação espontânea de ânion superóxido por granulócitos de sangue periférico de pacientes com asma crônica não-controlada antes e após corticoterapia e de indivíduos sadios. MÉTODOS: Foram estudados 32 pacientes entre 6 e 18 anos (média 12,04 anos) e 29 indivíduos sadios como grupo de comparação. Os pacientes foram agrupados de acordo com o volume expiratório forçado no primeiro segundo: grupo I, volume expiratório forçado no prim (mais) eiro segundo entre 60 e 80%, 19 pacientes; e grupo II, volume expiratório forçado no primeiro segundo = 60%, 13 pacientes. A liberação espontânea de superóxido por granulócitos, medida por espectrofotometria utilizando superóxido dismutase, foi avaliada nos pacientes antes e após o tratamento com prednisona por via oral e beclometasona, budesonida ou fluticasona administradas por via inalatória. Na análise estatística foram utilizados os testes de análise de variância, Tukey e de Wilcoxon. RESULTADOS: Comparando-se a liberação de ânion superóxido por granulócitos dos pacientes asmáticos e indivíduos sadios observamos que a liberação foi maior nos asmáticos não-controlados do grupo II (p Resumo em inglês OBJECTIVE: To evaluate spontaneous release of superoxide anion by peripheral blood granulocytes of atopic patients with uncontrolled asthma undergoing glucocorticoid therapy and of healthy subjects. METHODS: We studied 32 patients, aged 6 to 18 (mean 12.04), and 29 healthy subjects as a comparative group. Patients were grouped according to the forced expiratory vital capacity in the first second. Group I, forced expiratory vital capacity in the first second of between 60 (mais) and 80%, had 19 patients, and group II, forced expiratory vital capacity in the first second = 60%, had 13 patients. Spontaneous superoxide release by granulocytes was measured by a spectrophotometer method based on superoxide dismutase, before and after oral prednisone and beclomethasone, budesonide or fluticasone inhaled therapy. Statistical analyses were performed using ANOVA, Wilcoxon and Tukey tests. RESULTS: Comparing the superoxide anion release by granulocytes of asthmatic patients and healthy subjects, we observed a higher release by cells of the uncontrolled patient group II (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

90

Avaliação clínica e incidência de endoftalmite infecciosa e não-infecciosa após injeção intravítrea de acetonida de triancinolona/ Clinical characteristics and incidence of infectious and non-infectious endophthalmitis after intravitreous injection of triamcinolone acetonide

Magalhães, Érika; Nehemy, Patrícia; Santos, Daniel Vítor de Vasconcelos; Fujji, Gildo; Nehemy, Márcio Bittar
2006-12-01

Resumo em português OBJETIVO: Relatar a incidência de endoftalmite infecciosa e não-infecciosa após injeção intravítrea de 4 mg de triancinolona (Kenalog® - 40 mg/ml; 0,1 ml) e avaliar aspectos clínicos relevantes para o diagnóstico diferencial entre estas duas entidades. Desenho: Estudo prospectivo não-concorrente. MÉTODOS: Foram analisados os prontuários de 121 pacientes (154 injeções) que, consecutivamente, foram submetidos à injeção intravítrea de triancinolona para o t (mais) ratamento de diversas doenças coriorretinianas. Todas as injeções foram realizadas em centro cirúrgico em condições de assepsia e anti-sepsia, comuns às cirurgias oftalmológicas. RESULTADOS: Nenhum olho apresentou endoftalmite infecciosa. Dois olhos (1,29%/injeção e 1,65%/paciente) apresentaram endoftalmite não-infecciosa caracterizada pela observação, no primeiro dia pós-operatório, de baixa de acuidade visual, hiperemia, hipópio e reação inflamatória no vítreo. Estes dois olhos evoluíram com resolução do quadro inflamatório, após o uso de corticóide tópico e subconjuntival. CONCLUSÕES: Na presente série, nenhum olho apresentou endoftalmite infecciosa. A ocorrência de endoftalmite não-infecciosa após a injeção intravítrea de triancinolona é relativamente rara e, geralmente, pode ser diferenciada da endoftalmite infecciosa por meio da análise criteriosa das suas manifestações clínicas. Resumo em inglês PURPOSE: To report the incidence of infectious and noninfectious endophthalmitis after intravitreal injection of 4 mg of triamcinolone acetonide (Kenalog® - 40 mg/ml; 0.1 ml) and to evaluate distinguishing characteristics that may assist the clinician in differentiating these entities. Design: Observational nonconcurrent prospective study. METHODS: Charts of 121 patients (154 injections) who consecutively underwent intravitreal injection of triamcinolone acetonide to tre (mais) at various chorioretinal diseases were evaluated. All procedures were performed in an operating room with careful antiseptic protocol. RESULTS: Two eyes (1.29%/injection and 1.65%/patient) presented a noninfectious endophthalmitis characterized by decreased vision, hyperemia, hypopyon and vitreous inflammatory reaction, on the first day after the injection. These eyes were treated with topical and subconjunctival corticosteroids with complete resolution of the inflammatory reaction. CONCLUSION: In the present case series, no case of infectious endophthalmitis occurred. Despite being relatively rare, noninfectious endophthalmitis can be associated with intravitreal injection of triamcinolone simulating an infectious endophthalmitis. In selected cases, the differential diagnosis can be made solely by clinical evaluation.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

91

Arterite de Takayasu: tratamento com anti-TNF em uma casuística brasileira/ Takayasu arteritis: anti-TNF therapy in a Brazilian setting

Nunes, Guilherme; Neves, Fabrício Souza; Melo, Felipe M; Castro, Gláucio Ricardo Werner de; Zimmermann, Adriana Fontes; Pereira, Ivânio Alves
2010-06-01

Resumo em português O objetivo deste estudo é descrever as características clínicas e as respostas às intervenções terapêuticas, incluindo a terapia antifator de necrose tumoral (TNF), em uma série de casos brasileiros de arterite de Takayasu (AT). Foi realizado um estudo observacional, retrospectivo, com base na revisão de prontuários, incluindo todos os pacientes com AT, de acordo com os critérios de classificação do American College of Rheumatology, em acompanhamento no Servi (mais) ço de Reumatologia do Hospital Universitário da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Brasil. Foram incluídos 15 pacientes, sendo 14 (93,3%) mulheres, com idade média ao diagnóstico de 29,6 anos. Hipertensão arterial sistêmica (60,0%) e ausência de pulsos em membros superiores (53,3%) foram os achados clínicos mais comuns ao diagnóstico. As artérias subclávias e carotídeas foram os vasos mais frequentemente acometidos. Doze pacientes (80,0%) não obtiveram remissão sustentada em terapia isolada com corticosteroide, tendo sido empregada terapia imunossupressora, sendo metotrexato, azatioprina e ciclofosfamida as drogas utilizadas. Intervenções cirúrgicas foram necessárias em 53,3% dos casos. Três casos (20,0%) foram refratários à terapia com corticoides e imunossupressores e foram tratados com agentes anti-TNF, com subsequente remissão da doença. Em conclusão, observou-se que uma parcela importante dos casos de AT é refratária à terapia tradicional e os agentes anti-TNF podem representar uma opção promissora para o controle da doença nesses casos. Resumo em inglês The aim of this study was to describe clinical features and response to different therapeutic interventions, including anti-tumor necrosis factor (TNF) agents, in a case series of Takayasu arteritis (TA) from Brazil. A retrospective observational chart-review study was performed including all patients meeting the American College of Rheumatology TA classification criteria followed at the rheumatology outpatient clinic of a Brazilian university hospital. Fifteen patients w (mais) ere included, of which 14 (93.3%) were females, with a mean age of 29.6 years at diagnosis. Systemic hypertension (60.0%) and abolished upper limb pulses (53.3%) were the most common clinical features at the diagnosis. Subclavian and carotid arteries were the most commonly affected vessels. Twelve patients (80.0%) did not achieve sustained remission on therapy with corticosteroids alone and received immunosuppressive agents including methotrexate, azathioprine and cyclophosphamide. Surgical intervention was necessary and performed in 53.3% of cases. Three cases (20.0%) were refractory to corticosteroid plus diverse immunosuppressive therapy and were treated with anti-TNF agents, all of them with disease remission. In conclusion, a significant proportion of TA cases are refractory to traditional therapy. The use of anti-TNF agents may become a possible therapy for these patients.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

92

Análise macroscópica dos efeitos dos hialuronatos e do corticosteroide no tratamento da osteoartrose induzida em joelhos de coelho/ Mcroscopic analyses of the effects of hyaluronates and corticosteroids on induced osteoarthritis in rabbits' knees

Albano, Mauro Batista; Vidigal, Leandro; Oliveira, Marcello Zaia de; Namba, Mario Massatomo; Silva, João Luiz Vieira da; Pereira Filho, Francisco de Assis; Barbosa, Marcio Alves; Silva, Elias Marcelo Batista da
2010-06-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar o efeito das injeções intra-articulares de corticosteroide e dos ácidos: hialurônico nativo e com cadeias ramificadas, na osteoartrose induzida experimentalmente. MÉTODOS: 44 coelhos submetidos à ressecção do ligamento cruzado anterior foram divididos em quatro grupos de 11. Grupo 1: uma injeção intra-articular com solução salina por semana, durante 3 semanas. Grupo 2: três injeções, com intervalo semanal, de ácido hialurônico nativo. Gr (mais) upo 3: três injeções, com intervalo semanal, de ácido hialurônico ramificado. Grupo 4: duas injeções de betametasona com intervalo de três semanas. Após 12 semanas da cirurgia a cartilagem articular dos planaltos tibiais foi avaliada por macroscopia. As alterações na superfície articular foram graduadas da seguinte maneira: grau 0 - superfície articular lisa, sem alterações de relevo; grau 1 - superfície rugosa, sem depressões; grau 2 - semelhante ao grau 1 porém com depressões na superfície; grau 3 - exposição do osso subcondral. A análise estatística consistiu na utilização do teste t de Student, teste do Qui-quadrado e da análise de variância (Anova). O nível de significância utilizado foi de 5%. RESULTADOS: Observou-se haver diferença estatística entre os grupos 2, 3 e 4 e o grupo controle no desenvolvimento e gravidade da artrose, porém não houve diferença entre os grupos das drogas estudadas. CONCLUSÃO: Constatou-se atenuação da evolução do processo de osteoartrose, na mesma magnitude, com a utilização de injeções intra-articulares dos glicosaminoglicanos de baixo peso molecular e de alto peso molecular, assim como do corticosteroide betametasona quando comparados com placebo em joelhos de coelhos. Resumo em inglês OBJECTIVE: The aim of this study was to evaluate the effects of intraarticular injections of corticosteroids, native hyaluronic acid and branched-chain hyaluronic acid in experimentally-induced osteoarthrosis. METHODS: 44 rabbits underwent anterior cruciate ligament resection and were subsequently divided into four groups, composed of eleven subjects each. Group 1: rabbits received weekly intraarticular injections of saline over a period of four weeks; Group 2: the animal (mais) s received three weekly intraarticular injections of native hyaluronic acid; Group 3: rabbits in this group received three weekly intraarticular injections of branched-chain hyaluronic acid; Group 4: two injections of betamethasone over a period of three weeks. A macroscopic study of the cartilage of the tibial plateaus was performed twelve weeks after surgery and changes in the joint surface were graded accordingly: Grade 0: smooth joint surface without relief changes; Grade 1: rough surface without any depression; Grade 2: similar to grade 1, but with depressions on the joint surface and Grade 3: subchondral bone exposure. Statistical analysis was performed with the use of Student's T test, chi-square test and analysis of variance (ANOVA), with a significance level of 5%. RESULTS: A statistical difference was found between the control group and the three study groups (2, 3 and 4) in both the development and severity of arthrosis. However, there was no difference in outcome among the three different drugs. CONCLUSION: A similar degree of attenuation of the osteoarthrosis process in rabbits' knees was found in all three study groups (low-molecular-weight glycosaminoglycans, high-molecular-weight glycosaminoglycans and betamethasone) when compared to placebo.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

93

Análise descritiva dos perfis social, clínico, laboratorial e antropométrico de pacientes com doenças inflamatórias intestinais, internados no Hospital Universitário Clementino Fraga Filho, Rio de Janeiro/ Descriptive analysis of the social, clinical, laboratorial and anthropometric profiles of inflammatory bowel disease inwards patients from the "Clementino Fraga Filho" University Hospital, Rio de Janeiro, RJ, Brazil

Elia, Paula Peruzzi; Fogaça, Homero Soares; Barros, Rodrigo G. G. Rego; Zaltman, Cyrla; Elia, Celeste Siqueira C.
2007-12-01

Resumo em português RACIONAL: Estudos epidemiológicos sobre doenças inflamatórias intestinais no Brasil são limitados devido a dificuldades diagnósticas e reduzidas amostras populacionais estudadas. A maioria dos estudos de sua prevalência disponível é composta por amostras de pacientes sob acompanhamento em ambulatório, entretanto a análise do perfil de pacientes com doenças inflamatórias intestinais hospitalizados pode auxiliar na detecção de marcadores preditivos de sua grav (mais) idade, o que permitirá intervenções médicas precoces visando a redução da taxa de hospitalização e os gastos do sistema de saúde. OBJETIVOS: Descrever o perfil social, clínico, laboratorial e antropométrico dos pacientes adultos com doenças inflamatórias intestinais internados em hospital universitário terciário. MÉTODOS: Estudo prospectivo com 43 pacientes com doenças inflamatórias intestinais internados nas enfermarias clínicas e cirúrgicas e no setor de emergência do Hospital Universitário Clementino Fraga Filho da Universidade Federal do Rio de Janeiro, RJ. Foram caracterizados dados demográficos, presença de co-morbidades, localização e comportamento clínico, história cirúrgica, manifestações extra-intestinais utilizando-se definições padronizadas. Os resultados laboratoriais foram verificados nos prontuários e as medidas antropométricas foram realizadas durante a entrevista. RESULTADOS: A maioria dos pacientes apresentou doença de Crohn (72,1%), com localização íleo-colônica (60%) e com comportamento penetrante (77,4%), enquanto no grupo retocolite ulcerativa idiopática predominou a pancolite (50%). No grupo total de retocolite ulcerativa idiopática, a artralgia foi a manifestação extra-intestinal mais freqüente (44,2%) e 97,7% já havia apresentado algum tipo de complicação relacionada à doença de base. Apesar do uso de terapêutica específica para doenças inflamatórias intestinais prévio à hospitalização em 79,1% dos enfermos, as causas mais freqüentes de internação estavam relacionadas à atividade de doença. A presença de co-morbidades só ocorreu em 30,2%. CONCLUSÃO: Os pacientes com doenças inflamatórias intestinais internados nas enfermarias do Hospital apresentam doença grave, em atividade, com complicações e manifestações extra-intestinais freqüentes, apesar do uso prolongado de corticóide. A doença de Crohn, por apresentar evolução mais agressiva, representou a maior parcela dos pacientes internados. A hipoalbuminemia, a anemia e as alterações antropométricas são comuns nos pacientes hospitalizados, podendo estar relacionadas a sua maior gravidade evolutiva. Resumo em inglês BACKGROUND: The epidemiologic survey in Brazil is limited probably due to a diagnosis deficiency and a small number of population-based studies performed. The majority of the prevalence studies available have evaluated inflammatory bowel diseases outpatients, but the knowledge of the profile of inflammatory bowel diseases inpatients is important in order to detect predictive markers of disease severity that will allow earlier medical intervention decreasing the rate of ho (mais) spitalization and reducing the Health System costs. AIM: To determine social, clinical, laboratorial and anthropometric profiles of hospitalized adults inflammatory bowel diseases patients of a tertiary university hospital. METHODS: Prospective study was performed with 43 inflammatory bowel diseases inpatients from clinical and surgical wards and emergency section of university hospital. We characterized demographic data, presence of comorbidities, disease location and behavior, surgical past-history, extra intestinal manifestations using standardized definitions. Laboratory results were abstracted from medical records and anthropometric measures were performed during our visit. RESULTS: The vast majority of the inflammatory bowel diseases patients had Crohn's disease (72.1%), with ileocolic involvement (60%), with a penetrating disease behavior (77.4%) while ulcerative colitis group presented mostly pancolitis (50%). Articular pain was the most common (44.2%) extra intestinal manifestation of inflammatory bowel diseases patients and 97.7% of them had at least one type of complication related to disease. Although, the previous use of specific medical therapies to inflammatory bowel diseases before the hospitalization (more frequently corticosteroids) was done (79%), the majority of the patients were hospitalized because of inflammatory bowel diseases activity. Disease activity was present in 80.7% of Crohn's disease and 50% ulcerative colitis patients. Inflammatory bowel diseases mortality rate was 5.5% (2/36). Comorbidities presence occurred only in 30.2% of inflammatory bowel diseases patients. The predominant surgery performed was intestinal resection. The interval between the symptoms appearance and the definitive diagnosis was less than 1 year in more than 70% of inflammatory bowel diseases patients. Laboratory findings detected were a decreased serum albumin (85.7%) and anemia (69.8%). The majority of the patients had at least one anthropometric alteration. The social stratification of the inflammatory bowel diseases group was similar to the Brazilian population. CONCLUSION: The inflammatory bowel diseases inpatients from the university hospital wards had more severe evolution of these illnesses with an active and extensive disease with complications and frequent extra intestinal manifestations, despite the prolonged use of corticosteroids. The higher prevalence of Crohn's disease inpatients than ulcerative colitis could reflect a higher aggressive behavior of this disease. The reduced serum albumin, anemia and anthropometric alterations are common inflammatory bowel diseases inpatients and could be related to a major severity of inflammatory bowel diseases evolution.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

94

Análise de 29 casos de esclerite. Experiência de um serviço de Reumato-Oftalmologia/ Analysis of 29 cases of scleritis. Experience of a Rheumato-Ophthalmology Service

Parra, Andreo Garcia Morante; Miyazaki, Fernando Heidi; Ribeiro, Ramiro Magalhães; Gehlen, Marcelo Luis; Skare, Thelma
2010-06-01

Resumo em português Esclerites são doenças que podem ter como causa uma doença reumatológica, infecciosa ou tumoral ou, ainda, ser uma entidade restrita apenas ao olho. Objetivo: Relatar a experiência de dois anos de um ambulatório conjunto de Reumato-Oftalmologia no diagnóstico e acompanhamento de pacientes com esclerite por três anos. Métodos: Esta é uma análise de 29 casos de esclerite. Todos os casos foram avaliados pelo serviço de Oftalmologia e pelo de Reumatologia. Resulta (mais) dos: Dos 29 casos identificados, foi possível identificar uma doença subjacente em 55,17% dos casos. Observamos doenças reumáticas em 34,4% e infecciosas 20,6% dos casos. As esclerites idiopáticas não se distinguiram das reumáticas quanto às características clínicas embora um maior número de casos com a forma necrosante tenha sido visto nas reumáticas (sem significância estatística). Esclerites com doença reumática subjacente foram tratadas mais vezes com corticóides orais e imunossupressores. Conclusões: A cooperação entre reumatologistas e oftalmologistas se mostrou útil na identificação etiológica de pacientes com esclerite. Resumo em inglês Scleritis are entities that may have rheumatic diseases, infections or tumors as etiologic factors or may be a disease restricted only to the eye. Purpose: To share a three year experience of a rheumato-ophthalmologic ambulatory in the diagnosis and treatment of patients with scleritis. Methods: This was a study of 29 cases. All of them were analyzed by the Ophthalmology and Rheumatology Services. Results: From the 29 cases, an underlying disease was found in 55.17%. Rheu (mais) matic diseases were present in 34.4%; infectious in 20.6%. Idiophatic forms of scleritis did not differ from the rheumatic ones although a higher number of necrotizing cases were seen in the later group (with no statistical significance). Scleritis due to rheumatic diseases was treated more frequently with oral corticosteroids and immunosuppressive drugs. Conclusions: Patients with scleritis have a high rate of infectious and rheumatic diseases. Cooperation of rheumatologists and ophthalmologists was useful for the etiologic identification of patients with scleritis.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

95

Anestesia em pacientes com teste de coombs direto positivo: relato de três casos/ Anesthesia in patients with positive direct coombs test: report of three cases/ Anestesia en pacientes con test de combs directo positivo: relato de tres casos

Carvalho, Joana Patrícia dos Santos; Catre, Dora Lopes Castelo Branco; Pereira, Cláudia Margarida Brito; Costa, Marina
2010-02-01

Resumo em português JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Existe associação entre anemias hemolíticas autoimunes (AHA) e doença neoplásica, com consequente incompatibilidade sanguínea que dificulta a transfusão destes pacientes. Os autores descrevem e discutem a conduta em três casos com Teste de Coombs Direto (TCD) positivo e impossibilidade de determinação de grupo sanguíneo propostos para intervenção cirúrgica por doença neoplásica. RELATO DOS CASOS: 1º caso: paciente do sexo mascul (mais) ino, 87 anos, ASA III, para intervenção cirúrgica por neoplasia do cólon. Apresentou TCD positivo, foi tratado com corticoide, imunoglobulina (Ig) e eritropoietina, tendo-se conseguido tipar. No intraoperatório, administrou-se uma unidade de concentrado eritrocitário (UCE) sem incidentes. Faleceu 24 horas depois por acidente vascular encefálico isquêmico. 2º caso: paciente do sexo masculino, 77 anos, ASA III, para intervenção cirúrgica de carcinoma gástrico. Apresentou TCD positivo, realizou tratamento com corticoide e Ig, não se conseguindo tipar. A intervenção cirúrgica decorreu sem incidentes. Faleceu ao 18º dia pós-operatório após parada cardiorrespiratória. 3º caso: paciente do sexo feminino, 80 anos, ASA IV, para laparotomia exploradora de urgência. Apresentou também TCD positivo. A intervenção cirúrgica (hemicolectomia) decorreu sem incidentes. Faleceu às 48 horas do pós-operatório com acidente vascular encefálico isquêmico. CONCLUSÕES: Os autoanticorpos (Ac) circulantes nas AHA podem impossibilitar tipagem sanguínea e disponibilidade de sangue compatível para transfusão. O tratamento correto da AHA visa à remissão dos Ac e ao tratamento da anemia. Na urgência em transfundir sem possibilidade de tipagem, a transfusão sanguínea surge como medida life-saving. Resumo em espanhol JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: Existe una asociación entre las anemias hemolíticas autoinmunes (AHA) y la enfermedad neoplásica, con la consecuente incompatibilidad sanguínea que dificulta la transfusión de esos pacientes. Los autores describen y discuten la conducta en tres casos propuestos para la intervención quirúrgica por una enfermedad neoplásica, con el Test de Coombs Directo (TCD), positivo y la imposibilidad de la determinación de un grupo sanguíneo. RELATO (mais) DE LOS CASOS: 1º caso: paciente del sexo masculino, 87 años, ASA III, listo para la intervención quirúrgica por neoplasia del colon. Presentó un TCD positivo, fue tratado con corticoide, inmunoglobulina (Ig) y eritropoyetina, siendo posible la tipificación. En el intraoperatorio, se administró una unidad de concentrado eritrocitario (UCE) sin incidentes. La El paciente falleció 24 horas después por accidente vascular encefálico isquémico. 2º caso: paciente del sexo masculino, 77 años, ASA III, listo para intervención quirúrgica de carcinoma gástrico. Presentó un TCD positivo, realizó tratamiento con corticoide e Ig, sin haber logrado la tipificación. La intervención quirúrgica transcurrió sin incidentes. Falleció al 18º día del postoperatorio, después de una parada cardiorrespiratoria. 3º caso: paciente del sexo femenino, 80 años, ASA IV, para laparotomía exploradora de urgencia. También presentó un TCD positivo. La intervención quirúrgica (hemicolectomía), transcurrió sin incidentes. Falleció a las 48 horas del postoperatorio con un accidente vascular encefálico isquémico. CONCLUSIONES: Los autoanticuerpos (Ac) circulantes en las AHA, pueden imposibilitar la tipificación sanguínea y la disponibilidad de sangre compatible para la transfusión. El tratamiento correcto de la AHA, tiene el objetivo de alcanzar la remisión de los Ac y de realizar el tratamiento de la anemia. Si tenemos la urgencia de transfundir sin la posibilidad de tipificar, la transfusión sanguínea surge como una medida life-saving. (economía de vida). Resumo em inglês BACKGROUND AND OBJECTIVES: Neoplasias can be associated with autoimmune hemolytic anemia (AHA) with the consequent blood incompatibility that hinders blood transfusion. The authors describe and discuss the conduct in three patients undergoing surgical intervention for neoplastic disease with positive Coombs Test (CT), and the impossibility to determine the blood type. CASE REPORT: 1st case: 87-year old male patient, ASA III, scheduled for surgery for colon neoplasia. The (mais) patient had positive CT, being treated with corticosteroids, immunoglobulin (Ig), and erythropoietin, after which it was possible to determine his blood type. One unit of packed-red blood cells (PRBC) was transfused intraoperatively without intercurrences. Twenty four hours after the transfusion, the patient died due to an ischemic stroke. 2nd case: 77-year old male patient, ASA III, scheduled for surgery for a gastric carcinoma. The patient had a positive CT, being treated with corticosteroids and Ig, but we were unable to determine his blood type. The surgery was performed without intercurrences. The patient died on the 18th postoperative day after a cardiorespiratory arrest. 3rd case: 80-year old female patient, ASA IV, undergoing emergency exploratory laparotomy. She also had a positive CT. The surgery (hemicolectomy) was performed without intercurrences. The patient died 48 hours after the surgery from an ischemic stroke. CONCLUSIONS: Circulating autoantibodies in AHA can make it impossible to determine the blood type to transfuse compatible blood. Proper treatment of AHA is aimed at remission of autoantibodies and anemia. When it is not possible to determine the blood type, the procedure should be a life-saving blood transfusion.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

96

Amaurose bilateral por menigoencefalite criptocócica: relato de caso/ Bilateral amaurosis due to cryptococcus meningoencephalitis: case report

Aragão, Ricardo Evangelista Marrocos de; Muccioli, Cristina; Barrreira, Ieda Maria Alexandre; Ribeiro, Daniel Canamary Silveira; Timóteo, Cristiane Nobrega Gularte
2008-02-01

Resumo em português Meningoencefalite criptocócica é infecção causada por um fungo denominado Cryptococcus neoformans. Duas formas são conhecidas: variação gattii e neoformans. A infecção antes da puberdade é rara. Cerca de metade dos pacientes apresentam algum estado imunossupressivo. O papiledema está presente em um terço dos pacientes por ocasião do diagnóstico. Relatamos um caso de meningoencefalite por criptococose em paciente de oito anos de idade, sem relato de doenças (mais) prévias, que evoluiu com amaurose bilateral. O diagnóstico foi confirmado por detecção do C. neoformans, var. gattii. O paciente foi tratado com anfotericina B e dexametasona. Na literatura existem poucos relatos de perda visual permanente após meningite por criptococose. A existência de um protocolo para tratamento de pacientes com papiledema é um fator determinante para evitar a perda visual. Resumo em inglês Cryptococcal meningitis is caused by the yeast Cryptococcus neoformans. Two varieties are recognized: var. gattii and var. neoformans. It is usually associated with immunosuppressive states, particularly HIV infection. Cryptococcal infection of the central nervous system is uncommon in immunocompetent children and difficult to diagnose. Ocular complications are common. Optic disc swelling was found in 33%. The following report describes a case of meningitis caused by C. n (mais) eoformans var. gattii in an 8 year-old immunocompetent child who developed optic atrophy. The patient was treated with amphotericin B associated with corticosteroids. Possible therapeutic strategies aimed at reducing visual loss in cryptococcal meningitis have great importance to avoid this important morbidity.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

97

Alterações psiquiátricas após corticoterapia em paciente com rara manifestação neurológica de Síndrome de Behçet e o papel da interconsulta psiquiátrica/ Behavior disturbances after corticotherapy in a patient with uncommom neurological manifestation of Behcet Syndrome and the role of the consultation liaison psychiatry

Santos Júnior, Amilton; Mella, Lucas Francisco Botequio; Turato, Egberto Ribeiro; Botega, Neury José
2009-01-01

Resumo em português A Interconsulta Psiquiátrica (IP) trata-se do estudo da relação entre a psiquiatria e todas as outras áreas dos conhecimentos do processo saúde-doença, visando, sob uma perspectiva biopsicossocial, atender sua demanda clínica (prestação da assistência ao paciente) e institucional (relacionada aos serviços). É descrito o caso de uma paciente que apresentou rara manifestação fisiopatológica da Síndrome de Behçet e que evoluiu com transtorno psiquiátrico ap (mais) ós a instituição de terapêutica com corticoesteróides. Apesar da remissão dos sintomas mentais e comportamentais com tratamento psicofarmacológico de curta duração, a evolução do quadro demandou a reintrodução de corticoterapia, com recrudescência de quadro psiquiátrico e necessidade de instituição de tratamento de manutenção para seu manejo. Além de ilustrativo, no sentido de discutir uma rara condição clínica, o caso descrito exemplifica os benefícios da atuação conjunta e planejada entre psiquiatras e outros profissionais na assistência integral ao paciente. Resumo em inglês Consultation Liaison Psychiatry studies the relationship between psychiatry and all other areas of knowledge of the health-disease process and intends to propose solutions, under a biopsychosocial perspective, to the clinical (assistant) or institutional (service-related) problems. It is described the case of a patient who presented unusual pathophysiologic manifestation of the Behcet's syndrome and also developed mental disorder after the pharmacological treatment with c (mais) orticosteroids. Despite the remission of mental and behavioral symptoms with psychopharmacological treatment of short duration, her clinical outcome made it need the reintroduction of corticotherapy, with recrudescence of the psychiatric disorder and the need for maintenance treatment to assure its management. Besides illustrating a rare clinical condition, the case described exemplifies the benefits of joint and planned actions between psychiatrists and other professionals involved in an individual assistance at the hospital ward.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

98

Alterações oculares nos pacientes portadores de lúpus eritematoso sistêmico em acompanhamento ambulatorial/ Ophthalmological alterations in outpatients with systemic lupus erythematosus

Klejnberg, Tatiana; Moraes Junior, Haroldo Vieira de
2006-04-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar as alterações oftalmológicas encontradas em pacientes portadores de lúpus eritematoso sistêmico (LES), em acompanhamento ambulatorial. MÉTODOS: Foi realizado estudo descritivo transversal incluindo 70 pacientes com diagnóstico de LES baseado nos critérios do Colégio Americano de Reumatologia. Os pacientes foram analisados em relação ao sexo, idade, etnia, tempo de duração e presença da atividade da doença, uso de corticoesteróides e antim (mais) aláricos, presença de sintomas oftalmológicos e exame oftalmológico completo. RESULTADOS: 62 pacientes (88,6%) eram do sexo feminino, 43 pacientes (61,4%) de etnia branca. A idade média encontrada foi 43,9 anos e 57 pacientes (81,4%) apresentavam-se sem sinais de atividade da doença. Quarenta e seis pacientes (65,7%) apresentavam queixa oftalmológica. A síndrome do olho seco foi diagnosticada em 22 pacientes (31,4%), ao passo que catarata subcapsular posterior bilateral ocorreu em 15 pacientes (21,1%) e glaucoma em 2 pacientes (2,9%). No exame do fundo de olho, 8 pacientes (11,4%) apresentavam drusas coroidianas, 7 (10%) atrofia do epitélio pigmentário da retina macular, 2 (2,9%) escavação do disco óptico patológica, 2 (2,9%) tortuosidade vascular e cruzamentos patológicos, 1 (1,4%) cicatriz de coriorretinite macular e 1 (1,4%) seqüela de oclusão de ramo da veia central da retina. CONCLUSÃO: O LES é doença sistêmica que pode apresentar comprometimento oftalmológico, geralmente benigno em pacientes ambulatoriais. A síndrome do olho seco e a catarata foram as alterações oftalmológicas mais freqüentemente encontradas. Entretanto, a primeira parece estar mais relacionada ao LES em si, ao passo que a segunda possivelmente se relaciona ao uso crônico de corticoesteróides para o tratamento da doença. O uso de antimaláricos não é causa frequente de lesão oftalmológica, porém estudos mais específicos são necessários para avaliar o real impacto a longo prazo do uso destas medicações na qualidade visual dos pacientes. Nos pacientes com a doença sob controle, o dano oftalmógico parece estar estreitamente relacionado ao tratamento sistêmico utilizado, o que corrobora a importância da indicação de exame oftalmológico completo e de rotina mesmo nestes pacientes. Resumo em inglês PURPOSE: To evaluate the ophthalmological alterations in patients with systemic lupus erythematosus (SLE). METHODS: A descriptive cross-sectional study was conducted to analyze 70 patients with diagnosis of SLE based on the American College of Rheumatology criteria. Data regarding sex, age, ethnicity, duration of disease, disease activity, use of corticosteroids and antimalarial drugs, and presence of ophthalmological symptoms were recorded and a full ophthalmic examinati (mais) on was carried out. RESULTS: Sixty-two patients (88.6%) were females, 43 patients (61.4%) were white. Mean age was 43.9 years, 57 patients (81.4%) presented no sign of active disease and 46 patients (65.7%) had no ophthalmological complaints. Dry eye syndrome was diagnosed in 22 patients (31.4%), bilateral subcapsular cataract in 15 patients (21.1%) and glaucoma in 2 patients (2.9%). Fundoscopic evaluation disclosed 8 patients (11.4%) with drusen, 7 (10.0%) with RPE atrophy, 2 patients (2.9%) presented pathological disc excavation, 2 (2.9%) vascular tortuosity and arteriovenous crossing changes, 1 patient (1.4%) had macular chorioretinitis scar and 1 patient (1.4%) had branch retinal vein occlusion. CONCLUSION: SLE is a disease that can present with ophthalmic involvement, usually benign in outpatients. Dry eye and cataract are the commonest ocular findings. The former seems to be more related to SLE itself while the latter probably relates to the chronic use of corticosteroids for the disease treatment. Antimalarial drugs do not frequently cause ophthalmic lesions, although further studies must be conducted in order to assess their impact on patients' long-term visual quality. In the patients with the disease under control, ocular damage is more related to systemic treatment what enhances the need for ophthalmological examination as a routine even in these patients.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

99

Alterações ecocardiográficas em doentes asmáticos/ Echocardiograph alterations in asthma patients

Mancini, André Luís; Carvalho, Sonia Regina da Silva; Crasto, Maria do Carmo Valente de; Dias, Ricardo Marques
2008-06-01

Resumo em português Introdução: A asma é uma doença inflamatória crónica cuja prevalência vem aumentando nos últimos 20 anos. Demanda grande utilização de recursos, principalmente no grupo grave. Neste, há consumo crónico de corticóides inalatórios e de β2-agonistas, que podem produzir uma série de problemas. O objectivo deste trabalho é o de rastrear as alterações electro e ecocardiográficas e relacioná-las ao grau da asma. Metodologia: Selecionámos 87 doentes do a (mais) mbulatório de asma do HUGG, que, por rotina, possuem uma espirografia, um eletrocardiograma (ECG) e um ecocardiograma (ECO) feitos com um intervalo máximo de um mês. As alterações ecocardiográficas encontradas foram relacionadas com o grau da asma. Foram usadas estatísticas não paramétricas para essas comparações. Resultados: Encontrámos diferenças significativas (p≤ 0,05) quanto à idade, tempo de asma e saturação da hemoglobina (SaO2) entre os grupos leve e grave. Na amostra, foi identificada alta prevalência de insuficiência tricúspide (41,4%). Conclusões: O ECO identificou uma série de anormalidades, dependentes ou não da gravidade da asma. O ECO pode identificar a hipertensão arterial pulmonar, pelo cálculo da pressão média da artéria pulmonar. Resumo em inglês Introduction: Asthma is a chronic inflammatory disease which has increased during the last 20 years, putting a strain on medical resources, particularly severe forms of the disease. Treatment in such cases is inhaled corticosteroids and beta agonist drugs that can produce a range of side effects. The aim of this study is to identify echocardiograph abnormalities and correlate them with severity of disease. Methodology: Eight-seven outpatients were selected at the asthma u (mais) nit of the Gaffrée Guinle University Hospital (HUGG). Each patient underwent spirometry, electrocardiogram (ECG) and echocardiogram (ECO) during the trial within a month maximum. Echocardiograph abnormalities found related to degree of asthma. Statistical analysis was made by nonparametric tests. Results: We found significant differences (p≤ 0.05) for age, disease duration and haemoglobin saturation (SaO2) between the moderate and severe groups. In the sample a high prevalence of tricuspid insufficiency (41.4%) was identified. Conclusions: ECO identified a series of abnormalities that were not always dependent on severity of disease. ECO can identify pulmonary hypertension through calculation of mean pressure of the pulmonary artery.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

100

A asma e os seus diagnósticos diferenciais/ Asthma and its differential diagnoses

Bento, Alexandra; Arrobas, Ana Maria
2009-11-01

Resumo em português A aspergilose broncopulmonar alérgica (ABPA) ocorre em doentes não imunocomprometidos e é uma patologia de hipersensibilidade induzida pelo Aspergillus5. Estima-se que esteja presente em cerca de 7-14% dos casos de asma crónica corticodependente e o no mesmo número de casos de fibrose quística. A maioria das ABPA são identificadas pela 30-50.ª décadas de vida, mas podem surgir na infância¹. O diagnóstico baseia-se na presença de uma combinação de critérios (mais) clínicos, biológicos e radiológicos5. A doença apresenta-se com largo espectro de gravidade, pode ser reconhecida precocemente e tratada agressivamente, impedindo a sua progressão para um estádio de doença grave e debilitante requerendo transplante pulmonar¹. Os autores relatam o caso de uma doente de 41 anos, com antecedentes de asma alérgica desde a infância. Uma asma grave, de difícil controlo e com recurso a corticoterapia sistémica por longos períodos. Resumo em inglês Allergic bronchopulmonary aspergillosis (ABPA) occurs in immunocompetent patients and belongs to the Aspergillus5 induced hypersensitivity disorders. It is estimated that ABPA complicates approximately 7-14% of cases of chronic steroid-dependent asthma and the same amount of cases of cystic fibrosis. A diagnosis of ABPA is based on a combination of clinical, biological and radiology criteria5. There is a broad spectrum of disease severity. Early detection and aggressively (mais) management will impede progressive lung damage to a severe and debilitating disease requiring lung transplantation¹. The authors describe the case of a 41 year-old female with a history of allergic asthma from childhood¹. It was a severe, difficult to control asthma treated with systemic corticosteroids for long periods.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)