Sample records for corrosion protection
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 15 shown.



1

Cinética de dissolução da superfície de aço SAE-AISI 1005 em meio ácido/ Kinetic of the surface dissolution of SAE-AISI 1005 steel in acid media

Magnani, Marina; Fugivara, Cecílio Sadao; Garcia, Roberto; Benedetti, Assis Vicente
2002-01-01

Resumo em português O setor automotivo é um dos mais competitivos e um grande consumidor de materiais ferrosos, que exigem uma eficiente proteção contra a corrosão. Esta proteção é alcançada aplicando revestimentos adequados. Para se aplicar revestimentos se requer uma cuidadosa preparação da superfície que pode ser feita por ataque químico. Neste trabalho, determinou-se a velocidade de reação do aço extra-doce, SAE-AISI 1005, laminado a frio (CFF) utilizando várias soluçõe (mais) s ácidas, de baixo custo, baixa agressividade ao meio ambiente e que geram pouco hidrogênio. O estudo cinético foi realizado medindo-se a perda de massa (deltam/mg cm-2) de chapas de aço CFF em função do tempo (s) de reação nas diferentes soluções, com e sem agitação, a 30ºC. Os resultados foram interpretados considerando-se os efeitos de transporte de massa, o efeito oxidante dos íons Me3+ e inibidor dos íons Fe2+. Dentre as várias soluções estudadas a que apresentou maior velocidade de reação foi a solução de H2SO4 2 M + MeCl3 1 M, v = 15,44 x 10-6 g cm-2s-1 para tempos até 1800 s. Resumo em inglês The automotive sector is one of the biggest consumers of ferrous materials, which require an efficient protection against corrosion. This protection can be reached applying adequate coatings. A careful surface preparation is required to apply any kind of coatings on surfaces. The surface preparation can be done by a chemical attack. In this work, reaction rates of cold-rolled steel with different acid solutions were determined. The solutions used have low cost, are enviro (mais) nmental friendly and some of them generate low quantity of hydrogen. The kinetic study was performed measuring the loss of mass (deltam/mg cm-2) of cold-rolled steel samples with time (s) reaction in the different solutions, with and without solution stirring, at 30 ºC. The results were interpreted considering the mass transfer effect, the Me3+ oxidizing and Fe2+ inhibitor effects on the steel dissolution. Among the different solutions studied, the 2 M H2SO4 + 1 M MeCl3 solution was the one that showed the highest rate, v = 15.44 x 10-6 g cm-2 s-1 for times up to 1800 s.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

Fotodegradação de recobrimentos de poli (tereftalato de etileno) pós-consumo e suas blendas depositadas em aço/ Photodegradation of post-consumer poly (ethylene terephthalate), PET, and PET based blend coatings on steel substrates

Lins, Vanessa de Freitas Cunha; Cury, Flávia Medina; Silva Filho, Jorge Ferreira da; Branco, José Roberto Tavares
2008-06-01

Resumo em português Recobrimentos poliméricos vêm sendo utilizados como proteção contra a corrosão e o desgaste. O objetivo desse trabalho foi a produção de recobrimentos de poli (tereftalato de etileno), PET, pós-consumo, de um copolímero do etileno com o ácido metacrílico, EMAA, e de blendas PET-EMAA em substrato de aço carbono, usando-se as técnicas de aspersão térmica a combustão e refusão. A resistência à degradação do conjugado foi avaliada usando-se testes de inte (mais) mperismo com exposição à radiação ultravioleta e umidade. As análises térmicas de calorimetria exploratória diferencial e testes de tração foram utilizados na caracterização das amostras antes e após os testes de degradação. A deformação na ruptura das amostras recobertas sofreu redução após o envelhecimento. A temperatura de transição vítrea dos recobrimentos de blendas poliméricas aumentou após exposição na câmara de intemperismo. Resumo em inglês Polymer coatings have been used as protection against corrosion and wear. The aim of this work was to produce coated steel with a polymeric film using a low-speed-combustion thermal spraying and fusion technique, and to evaluate its chemical resistance to radiation and moisture. The substrate used was carbon steel, coated with a recycled poly (ethylene terephthalate), PET, and a copolymer of ethylene and methacrylic acid, EMAA, and PET-EMAA blends. The degradation resista (mais) nce of the material was evaluated using an ultra-violet condensation-weathering test. The characterization of the composite was done using differential scanning calorimetry (DSC) and tensile measurements. The strain at the breakage of the coated samples decreased after aging. The glass transition temperature of the blended coatings increased after the aging process.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

Uso de polímeros condutores na protecção catódica em estruturas de aço/ Use of conductive polymers in the cathodic protection of steel structures

Gonçalves, V.; Mendes, A.; Machado, J.; Oliveira, F.; Nogueira, J.; Ribeiro, H. Aguilar
2009-01-01

Resumo em português O objectivo do presente estudo é o desenvolvimento de um primário de protecção catódica com menor conteúdo em zinco e assim com menor custo, recorrendo a resinas condutoras eléctricas. Para tal, usou-se uma resina com base numa polianilina na sua forma condutora (Emeraldine salt Long chain, grafted to Lignin) na formulação dum primário epóxido de alto conteúdo em zinco (primário com 93 % (p/p) de zinco metálico na película seca - nível I) conforme especifi (mais) cado na SSPC (Steel Structures Paint Council) Paint Specification No. 20.). Foi produzida uma formulação com menos 20 % (p/p) de zinco relativamente à formulação original, incorporando-se 3 % (p/p) de polianilina. A caracterização dos primários em termos de propriedades anticorrosivas foi realizada recorrendo a duas técnicas distintas: (i) ensaios de exposição em nevoeiro salino e (ii) um método recente baseado na técnica de espectroscopia de impedância electroquímica (EIS), método AC-DC-AC. Este último permitiu avaliar correctamente e de uma forma expedita (menos de 24 h) as propriedades anticorrosivas dos revestimentos em comparação com a técnica de nevoeiro salino. Os resultados obtidos pelas duas técnicas foram concordantes. Os resultados obtidos indicam ainda que a formulação do primário com a incorporação da polianilina apresenta um desempenho ligeiramente superior ao de referência, em termos de propriedades anticorrosivas. Resumo em inglês The objective of this study is the development of an anticorrosive primer with less zinc content. Partial substitution of zinc by electrical conductive resins should rend the process more cost effective. In the present work, a standard epoxy coating with a high zinc content (93 wt. % as specified in the Steel Structures Paint Council), was used as a starting formulation in which part of the zinc was replaced by a resin based polyaniline (Emeraldine salt Long chain, grafte (mais) d to Lignin). This new formulation was produced with less 20 wt. % of zinc regarding the standard formulation, and the addition of 3 wt. % of polyaniline. The coating characterization, concerning the anticorrosive properties, was performed using two distinct techniques: (i) salt fog spray test and (ii) a new technique based on electrochemical impedance spectroscopy (EIS), the so-called AC-DC-AC method. This technique proved to be accurate and much faster (in less 24 hours) than salt fog spray tests; similar results were obtained for the two methods. Based on the results, it was observed that coatings with polyaniline perform slightly better in terms of corrosion protection of steel structures than the standard zinc based formulations.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

4

Study of the Electrochemical Behaviour of Tolitriazole in Phosphating Bathings of Carbon Steel 1008

Banczek, Everson P.; Oliveira, Marilei F.; Cunha, Maico T.; Rodrigues, Paulo R.P.
2005-01-01

Resumo em português As características inibidoras de corrosão do tolitriazol (TTA) para o aço de carbono 1008, revestidos por fosfato de zinco ou tricatiônico (Mn, Zn, Ni) nos meios de H2SO4 0.1 mol.L -1 e NaCl 0.5 mol L-1, foram investigadas por métodos físicos e electroquímicos. Os resultados obtidos na ausência do inibidor TTA mostraram que as propriedades de protecção à corrosão do fosfato tricatiônico (Ptri) são melhores do que as observadas para o fosfato de zinco (PZn), (mais) provavelmente devido a porosidade existente na camada do PZn. As curvas de polarização anódicas apresentaram densidades de corrente (j) menores para as peças de aço fosfatizadas com Ptri quando comparadas aos dos substratos sem fosfato e com PZn. Os resultados de impedância electroquímica (IE) mostraram uma resistência de polarização (Rp) maior para os electrodos fosfatizados com Ptri. As medidas electroquímicas das amostras de aço fosfatizadas, com PZn e/ou Ptri, na presença de [TTA] = 1.10 -3 mol L-1, apresentaram j menor que Rp maior do que as observadas para as amostras de aço fosfatizadas na ausência do TTA. No processo de fosfatização do açocarbono com PZn + TTA, observou-se j e Rp semelhantes as observadas nas amostras de aço fosfatizadas com Ptri sem TTA. Estes resultados sugerem que o banho de fosfato de zinco contendo [TTA] = 1.10 -3 mol L-1 pode substituir o mundialmente consagrado banho industrial de fosfato tricatiônico. Os ensaios em câmara de Salt Spray de amostras de aço fosfatizadas com PZn e PZn + TTA, pintadas com tinta pó poliéster branca, confirmaram os resultados electroquímicos obtidos. Resumo em inglês The characteristics of corrosion inhibitors of the tolitriazole (TTA) for the carbon steel 1008, covered by zinc or tricationic phosphate (Mn, Zn, Ni), in the means of H2SO4 0.1 mol L-1 and NaCl 0.5 mol L-1, were investigated by physical and electrochemical methods. The results obtained in the absence of the inibidor TTA showed that the corrosion protection properties of the tricationic phosphate (Ptri) are better than those observed for the zinc phosphate (PZn), probably (mais) due to the presence of vacancies in the layer of PZn. The curves of anodic polarization presented current densities (j) smaller for the steel phosphatized with Ptri, when compared with the metal substrate without phosphate and with PZn. The results of impedance electrochemistry (IE) showed a polarization resistance (Rp) larger for the electrodes phosphatized with Ptri. The electrochemistry measurements of the samples of steel phosphatized, with PZn and/or Ptri, in the presence of [TTA] = 1x10-3 mol L-1, present smaller j and larger Rp when compared with the absence of TTA. In the process of phosphatization of the carbon steel with PZn + TTA, it was observed similar j and Rp in the samples of steel phosphatized with Ptri without TTA. These results suggest that the bathing of zinc phosphate with [TTA] = 1x10-3 mol L-1 can substitute the well known industrial bathing of tricationic phosphate. Corrosion testing by Salt Spray of steel phosphatized with PZn and PZn + TTA, painted with white polyester ink, confirmed the eletrochemical results.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

5

Revestimento acrílico monocomponente de base aquosa para protecção de betão por pintura/ Monocomponent water-borne acrilic coating for reinforced concrete protection

Carneiro, C.; Lopes, V.; Nogueira, J.; Mendes, A.
2009-09-01

Resumo em português A elevada alcalinidade do betão (pH ≈ 12,5) permite que as armaduras no seu interior estejam protegidas por passivação. No entanto, a penetração de agentes corrosivos como o ião cloreto que destrói a camada passivante de óxidos de ferro que se forma em ambientes altamente alcalinos ou o dióxido de carbono que provoca um decréscimo no pH, expõem as armaduras à corrosão. A qualidade do betão, em particular a sua porosidade, agravam bastante este fenómen (mais) o, no entanto se o betão for protegido com um revestimento por pintura, essa dependência diminui. As tintas de base solvente para protecção de betão têm um excelente efeito barreira contra estes agentes corrosivos e com relativa facilidade cumprem a norma EN 1504-2 (Produtos e sistemas para a protecção e reparação de estruturas de betão). No entanto, são ambientalmente agressivas e em breve serão descontinuadas. O presente trabalho descreve uma tinta de base aquosa que cumpre todos os requisitos estipulados para um revestimento para protecção de betão armado. Como a Norma EN 1504-2 não estabelece nenhum valor para a permeabilidade ao ião cloreto, deixando-o ao critério de cada país, o LNEC (Laboratório Nacional de Engenharia Civil) definiu que, em Portugal, esta permeabilidade deverá ser inferior a 10-14·m²·s-1. No decorrer deste estudo verificou-se que os parâmetros que mais influenciam o comportamento da tinta são a natureza química do ligante e o seu CVP (Concentração Volumétrica de Pigmento). O produto desenvolvido encontra-se patenteado (PT 103 563). Resumo em inglês Reinforced concrete is protected against corrosion due to the high alkalinity of the concrete, which promotes a passive layer on the reinforcing structures surface. However, the penetration of corrosive agents, such as chloride ions or carbon dioxide, destroys this iron oxide passive layer, originating a decrease in pH and exposing the metal structure to corrosion. The quality of concrete, in particular its porosity, exacerbates this phenomenon, however if the concrete is (mais) protected by a coating layer, this dependence decreases. Solvent-based paints for concrete protection have great barrier properties against these corrosive agents and are easily compliant with the standard EN 1504-2 (Products and systems for the protection and repair of concrete structures). However, they show environmental impact and soon will be discontinued. This paper describes a water-borne paint which accomplishes all the requirements for reinforced concrete protection. As the standard EN 1504-2 does not provide any value for the chloride ion permeability, leaving it to the discretion of each country, LNEC (National Laboratory of Civil Engineering) defined that in Portugal this permeability should be less than 10-14 m²·s-1. During this study, one has verified that the parameters that most influence paint performance are the chemical nature of the binder and paint PVC (Pigment Volume Concentration). The developed product is protected by the Portuguese Patent, PT 103 563.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

6

Resistência à corrosão de aço galvanizado e de aço eletrodepositado com ZnFe revestido por resinas de silicone/ Corrosion resistance of galvanized steel and ZnFe electroplated steel coated with silicone resin

Souza, M.E.P.; Ariza, E.; Ballester, M.; Yoshida, I.V.P.; Rocha, L.A.; Freire, C.M.A.
2006-10-01

Resumo em português As características protectoras das superfícies de aços revestidos com zinco (imersão a quente ou electrodeposição) são geralmente intensificadas através da passivação por crómio hexavalente (Cr6+). Porém, por ser este um elemento tóxico, vários estudos visando a substituição do procedimento de cromatização vêm sendo realizados. As resinas de silicone, devido a propriedades como dureza, resistência química e aderência, podem vir a ser um excelente sub (mais) stituinte ao processo de cromatização. Neste trabalho, filmes de silicone obtidos pela hidrólise e subsequente condensação do tetraetoxisilano (TEOS) em presença de Polidimetilsiloxano (PDMS - OH) e de uma resina de silicone comercial foram aplicados em aço galvanizado e aço electrodepositado com ZnFe. A composição estudada foi 45% PDMS - 40% TEOS - 15 % Resina. O revestimento foi então avaliado através de Espectroscopia de Impedância Electroquímica, em solução de NaCl 3%. A evolução do comportamento frente à corrosão do sistema de revestimento foi investigada de forma temporal, verificando-se a influência dos diferentes componentes na resposta electroquímica do filme. Os dados obtidos pela Espectroscopia foram modelados através de um circuito equivalente, permitindo a obtenção dos parâmetros electroquímicos para o sistema avaliado. Os resultados obtidos mostram que o comportamento dos filmes de silicone é dependente do tipo de revestimento metálico que foi aplicado no aço. Maiores valores para |Z| foram obtidos para os filmes aplicados sobre o aço galvanizado, sendo este valor pouco alterado com o tempo de imersão. Resumo em inglês Corrosion properties of galvanized steels are generally increased through a passivation processes with Cr6+ resulting in the formation of a passive layer. However, these kinds of chromates are toxic and environmentally legislation prohibits pre-treatments with chromates. As a consequence alternative pre-treatments have been studied along of last decades. Thus, alternative coatings of silicone resins due to their specific properties, such as hardness, chemical resistance a (mais) nd hydrofobicity, can be a viable substitute. In the present work silicon films obtained by hydrolysis and posterior condensation of tetraethoxysilane (TEOS) in presence of Poli(dimetilsiloxane) (PDMS - OH) and a commercial silicone resin, in a sol-gel process conditions, were applied on galvanized steel and on steel electroplated with a ZnFe alloy. The composition studied was 45%PDMS - 40% TEOS - 15% Resin. The film corrosion protection properties were evaluated by Electrochemical Impedance Spectroscopy (EIS) in a NaCl 3% solution at different immersion times. EIS experimental data were fitted to an equivalent circuit from which the electrochemical parameters were obtained. Results show that the overall performance of the coatings system appears to be highly dependent on the metallic coating kind applied to the steel. The better results in terms of impedance |Z|were obtained in coatings applied over galvanized steels, these impedance values showing a stable behaviour with immersion time increasing.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

7

Protecção catódica de estruturas de betão armado/ Cathodic protection of reinforced concrete structures

Lourenço, Zita
2007-07-01

Resumo em português A corrosão das armaduras, devido à contaminação do betão por cloretos, é o factor que mais contribuí para a deterioração de estruturas de betão armado expostas a ambientes marítimos. A protecção catódica é uma das técnicas electroquímicas mais utilizadas para controlo do processo de corrosão neste tipo de estruturas. Recentementemente, a protecção catódica é também utilizada em estruturas novas, e instalada durante a fase de construção, como técn (mais) ica de prevenção da corrosão - prevenção catódica. Este artigo descreve o tipo de sistemas de protecção catódica mais utilizados, tipos de ânodos, métodos de instalação, critério de protecção, etc. A instalação do sistema de protecção catódica, durante a fase de construção do Cais de Carga Geral do Porto de Aveiro, é apresentado como exemplo de aplicação desta técnica a uma nova estrutura. Resumo em inglês The major cause of deterioration of reinforced concrete structures, exposed to marine environments, is the corrosion of the reinforcing steel caused by chloride contamination of the concrete surrounding the steel. Cathodic protection is one of the most used electrochemical techniques to control the corrosion process on this type of structures. Recently, cathodic protection has also been used to prevent the onset of corrosion in new structures, in order to avoid their prem (mais) ature deterioration - cathodic prevention. This paper describes the types of cathodic protection systems used, the different anode systems, installation methods, protection criteria, etc. The installation of a cathodic protection system, during construction of the Cais de Carga Geral- Port of Aveiro is presented, as an example of application to new structures.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

8

Novas formas para a protecção de metais: Modificação de superfícies com filmes orgânicos ultra-finos/ Surface modification with ultra-thin organic films: New routes for metal protection

Abrantes, L. M.; Viana, A. S.
2009-01-01

Resumo em português A utilização de polímeros electronicamente condutores no desenvolvimento de uma nova classe de revestimentos para protecção à corrosão metálica tem sido objecto de intensa investigação. Neste trabalho analisam-se os requisitos e metodologias para obter com sucesso filmes poliméricos em diferentes metais reactivos e ilustra-se o seu desempenho em meio corrosivo, incluindo resultados da nossa própria investigação. Apresenta-se uma breve revisão do uso de mono (mais) camadas auto-montadas como inibidoras da corrosão e promotoras da adesão dos filmes de polímeros electronicamente condutores. Descreve-se a concepção de revestimentos compósitos em que as moléculas constituintes daquelas camadas ultra-finas incluem como grupo reactivo terminal o mesmo monómero que o polímero a depositar e reportam-se as propriedades destes sistemas envolvendo pirrole. Resumo em inglês The use of electronic conducting polymers in the development of a new class of coatings for the protection of metallic corrosion has been extensively investigated. In this work, the requirements and methodologies to obtain successful polymeric films onto different reactive metals are analysed. The performance of the modified surfaces in corrosive medium is also illustrated, including results from our own research. A brief summary of the employment of self-assembled monola (mais) yers for corrosion protection purposes and as adhesion promoters of electronic conducting polymer films is presented. The construction of composite coatings, where the molecules forming the ultra-thin layer bear as terminal reactive group the same monomer as the deposited polymer is discussed, and the properties of these systems involving pyrrole are also reported.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

9

Montagem e caracterização elétrica de pilhas a combustível de óxido sólido (PaCOS)/ Assembly and electrical characterization of solid oxide fuel cell stacks

Tarôco, Hosane Aparecida; Andrade, Samuel Tadeu de Paula; Brant, Márcia Caldeira; Domingues, Rosana Zacarias; Matencio, Tulio
2009-01-01

Resumo em inglês This paper is focused on a review of the design features and the electrochemistry characterization of anode-supported planar SOFC. Studies and results of metallic alloy interconnectors and recovery for protection against corrosion and for contact layer are showed. Moreover a discussion of examples of measurements of impedance spectrometry, according to the literature and our experimental results are made. For the anode supported fuel cells the power density varies from 0. (mais) 1 to 0.5 Wcm², according to results in the literature (showed in this paper). For electrolyte supported fuel cell the power density can be 10 Wcm-2 for high temperatures. An English-Portuguese glossary of most used terms in SOFC stack is given for greater clarity and to introduce new terms to the reader.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

10

Influência do passo de activação da deposição por plasma nas propriedades barreira de coil coating/ Influence of the activation step of plasma deposition on the barrier properties of coil coating

Serra, R.; Yasakau, K. A.; Montemor, M. F.; Zheludkevich, M. L.; Gusakov, A. G.; Ferreira, M. G. S.
2009-01-01

Resumo em português Várias propriedades de superfície dos revestimentos orgânicos, como sejam a resistência ao risco e à abrasão, brilho, natureza superficial hidrofílica ou hidrófoba e facilidade de limpeza, entre outras, podem ser modificadas por deposição de filmes finos através da polimerização por plasma. Contudo, tais propriedades são conseguidas à custa da diminuição das propriedades de protecção do revestimento, pois este é degradado pelas condições de polimeriz (mais) ação. Estudos anteriores demonstraram que a degradação ocorre essencialmente durante o passo de activação da polimerização por plasma. Como este passo é responsável pela limpeza da superfície e pela melhoria da aderência entre as camadas, um ponto de compromisso deve ser encontrado, de modo a minimizar a sua influência negativa nas propriedades de protecção por barreira do revestimento, sem comprometer a sua utilização. O presente trabalho procura clarificar o mecanismo de degradação ocorrido durante a etapa de activação. Assim, seguiu-se um procedimento onde vários reactores, gases de activação (árgon, ar e oxigénio) e duração da etapa, foram usados com o intuito de verificar a modificação da superfície de amostras de coil coating recorrendo para isso a testes de imersão, ensaios de impedância electroquímica e análise de superfície. Verificou-se uma dependência clara entre as propriedades de protecção por barreira da coil coating com o tipo de reactor, gás usado e tempo de activação. Um dos gases que maior influência tem, é o oxigénio. O efeito pode ser explicado pela formação de oxigénio atómico durante o processo, que conduz à formação de ligações carbonilo, sendo a degradação maior quando maior for o tempo de activação Resumo em inglês Surface properties of organic coatings, like scratch and abrasion resistance, gloss, hydrophilic and hydrophobic nature and easiness to clean, among others, can be modified by deposition of thin films using plasma polymerization processes. The properties are obtained with expense of the corrosion protection properties of the coating, since degradation is induced by the plasma polymerization conditions. Previous studies showed that the degradation occurs mainly during the (mais) activation step of the plasma polymerization process. The activation step is used to clean the surface and to enhance the adhesion between the two layers so it is necessary to create a point of compromise where the minimal influence to the barrier properties is achieved without impairing the plasma polymer film long term resistance. The present work aims the clarification of the degradation mechanism of the coil coating during the plasma activation processes. Different plasma reactors, working gases (argon, oxygen and air) and time of exposition activation step were studied. Samples degradation was monitored by electrochemical impedance spectroscopy and surface analysis. Clear dependence between the activation gas used and time of activation with reduced barrier properties was encountered. One of the major influences is observed when oxygen is used. This is explained by the formation of atomic oxygen during the plasma treatment that leads to the formation of carbonyl groups, showing higher degradation for longer activation periods.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

11

Estudo de inibidores de corrosão em concreto armado/ Corrosion inhibitors study in steel-reinforced concrete

Vieira, Daniel Venâncio; Pelisser, Fernando; Paula, Marcos Marques da Silva; Mohamad, Gihad; Nóbrega, Ana Cecília Vieira da
2010-01-01

Resumo em português A corrosão é um fenômeno que afeta toda a sociedade, atribuindo-se uma grande importância sócio-econômica aos seus efeitos. Na área da engenharia, existem diversas conseqüências do processo corrosivo, como ocorre no aço de reforço das estruturas de concreto. Na intenção de oferecer segurança e durabilidade às estruturas, empresas do ramo químico e de produtos para construção civil disponibilizam no mercado diferentes formas de proteção à corrosão. Es (mais) te trabalho apresenta análises de medidas de potencial realizadas em amostras de concreto armado, com diferentes relações água/cimento, produzidos com e sem inibidores de corrosão e expostos a dois ambientes com cloretos: em campo, exposto às intempéries da atmosfera marinha do litoral sul de Santa Catarina; em laboratório, a um processo cíclico de aceleração da corrosão através de imersão parcial (solução contendo cloretos) e secagem em estufa. Nas duas situações, foram mantidas as amostras por um período de 63 dias. A corrosão por cloretos em laboratório mostrou-se o sistema mais agressivo e eficiente para avaliar o potencial de corrosão. Os resultados buscaram caracterizar a eficiência dos inibidores de corrosão utilizados, que foram denominados de inibidor A, inibidor B e inibidor C e, ao fim das análises, foi possível classificá-los quanto ao desempenho em ambientes contaminados por cloretos em: Inibidor B > Inibidor C > Inibidor A. A redução da relação água/cimento (0,45) melhorou o desempenho do concreto de referência e dos três tipos de inibidores de corrosão utilizados. Evidenciou-se modificação das propriedades mecânicas dos concretos com inibidores, o que pode conduzir ao desenvolvimento de concretos mais impermeáveis e duráveis. Resumo em inglês Corrosion is a phenomenon that affects the whole of society, such that great socioeconomic importance is attributed to its effects. In the area of the engineering, numerous consequences of the corrosive process exist, like that which occurs in steel reinforcement of concrete structures. With the intention of providing structural safety and durability, the chemical industry and companies that supply construction products market different forms of protection against corrosi (mais) on. This work presents analyses of measurements of corrosive potential conducted on samples of steel-reinforced concrete, with different water/cement ratios, fabricated with and without corrosion inhibitor and exposed to two environments containing chloride: in the field, exposed to the unpredictable weather of the marine environment of the southern coastal region of Santa Catarina; and in the laboratory, exposed to a cyclical process of corrosion acceleration through partial immersion (solution containing chloride) and drying in a heater. The specimens were maintained for a period of 63 days in the respective environments. Corrosion by chloride solution in the laboratory proved to be the most aggressive and efficient system for evaluating corrosive potential. The results aimed to characterize the efficiency of the corrosion inhibitors used, denominated inhibitor A, inhibitor B and inhibitor C. After completing the analyses, it was possible to classify these regarding their performance in environments contaminated by chloride: inhibitor B > inhibitor C > inhibitor A. Reduction in the water/cement ratio (0.45) improved the performance of the reference concrete and the three types of corrosion inhibitors studied. Modification of the mechanical properties of the concretes with corrosion inhibitors was verified, which could lead to the development of more impermeable and durable concrete.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

12

Electrochemical Characterisation Study of Coatings Obtained by High Velocity Oxy-Fuel Spraying (HVOF)

Suegama, P.H.; Fugivara, C.S.; Benedetti, A.V.; Delgado, J.; Guilemany, J.M.
2003-01-01

Resumo em inglês The electrochemical behaviour of coated Cr3C2-NiCr steel in aerated 0.5 M H2SO4 solution was studied by means of electrochemical ac and dc measurements. The structural characterisation of the coated steel, before and after electrochemical tests, was also performed in order to identify the mechanism of the electrolyte penetration through the coating up to the steel substrate, causing its corrosion. This characterisation may also help to explain electrochemical results. Thr (mais) ee types of Cr3C2-NiCr coatings performed by a High Velocity Oxy-Fuel Spraying system (HVOF) were analysed. The facility for the electrolyte penetration through the coating and the corresponding electrochemical behaviour of the samples were strongly influenced by the spray parameters used and heat treatment applied. It was observed that heat-treated coatings (Q1 and Q3) showed better corrosion resistance than the as-sprayed coating (A). For coatings Q1 and Q3, the electrolyte did not reach the steel substrate during the measurement, leading to a better protection of the steel substrate against corrosion.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

13

Compósitos SiCf /SiC utilizados em sistemas de proteção térmica/ SiCf /SiC composites for thermal protection systems

Florian, M.; Carvalho, L. E.; Iha, K.; Graça, M. L. A.; Cairo, C. A. A.
2005-09-01

Resumo em português Compósitos de carbeto de silício (SiC) reforçado com fibras de carbeto de silício (SiCf) são materiais candidatos em potencial para utilização em sistemas de proteção térmica em altas temperaturas devido principalmente à boa condutividade térmica na direção da fibra e muito baixa condutividade térmica na direção transversal à fibra, alta dureza, estabilidade térmica e à corrosão por oxidação. O compósito SiCf/SiC possui uma matriz de SiC reforçada (mais) com fibras contínuas policristalinas de SiC e é obtido por reações de conversão em altas temperaturas e atmosfera controlada, utilizando o compósito carbono/carbono como precursor. O processo de Reação Química em Vapor (CVR) foi utilizado para a fabricação de compósitos SiCf/SiC com alta pureza na fase de SiC-beta. O compósito precursor de carbono/carbono foi fabricado com fibra de carbono não estabilizada e matriz carbonosa derivada da resina fenólica na forma de carbono isotrópico. O compósito convertido exibiu uma densidade de 1,75 g/cm³, com 40% de porosidade aberta e resistência à flexão de 80 MPa medida por ensaio flexão em 4 pontos. A área especifica medida pela técnica de BET é dependente da temperatura de conversão e das condições inicias do precursor de carbono, podendo chegar a 18 m²/g. Resumo em inglês Composites based on silicon carbide are potential candidate materials for thermal protection systems mainly due to its good thermal conductivity in fiber direction and very low transversal thermal conductivity, high hardness, corrosion and thermal resistance. SiCf/SiC composite presents a SiC matrix reinforced with SiC polycrystalline continuous fibers. The composite was obtained by conversion reactions at high temperature and controlled atmosphere from a carbon/carbon co (mais) mposite precursor. The CVR process was used to fabricate SiC /SiC composite with crystalline high-purity beta-SiC from a carbon-carbon precursor fabricated with non-stabilized carbon fiber and f carbon matrix derived from phenolic resin. The converted composite exhibited a bulk density of 1.75 g/cm³, 40% open porosity and flexural strength of 80 MPa measured by four-point bending testing. The total specific area of 18 m²/g was evaluated by BET technique.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

14

Avaliação da resistência à corrosão em aço inoxidável martensítico do tipo Cr-Ni em meio marinho sintético simulando atividades em águas profundas

Mariano, Neide Aparecida; Pires, Amandio da Cruz; Murolo, João Paulo; Kuri, Sebastião Elias
2006-03-01

Resumo em português Esse trabalho estuda a resistência à corrosão do aço inoxidável martensítico fundido em meio marinho sintético saturado com CO2 e também faz uma comparação com solução aerada. A liga foi usada na condição temperada e revenida. A corrosão foi avaliada usando a técnica de polarização potenciodinâmica cíclica. As medidas de polarização foram obtidas em meio marinho sintético com concentrações de cloreto de 20000ppm e 80000ppm na temperatura ambiente. (mais) As curvas de polarização cíclica obtidas mostram uma região de passivação definida para as condições adotadas para o ensaio, sendo possível para a identificação dos parâmetros eletroquímicos, o potencial de pite, o potencial de proteção e a susceptibilidade ao pite. Em solução saturada com CO2 e concentração de cloreto de 20000ppm, o potencial de proteção aumentou e a susceptibilidade ao pite diminuiu, em comparação com a solução aerada. Em contraste, os potenciais de pite e de proteção decresceram em solução saturada com CO2 e concentração de cloreto de 80000ppm, indicando que a resistência ao pite é influenciada por um sinergismo entre a concentração de cloreto e a solução saturada com CO2. Resumo em inglês This work studies the corrosion resistance of the martensitic stainless steel cast in CO2-saturated synthetic seawater. A comparison is also made with an aerated solution. The alloy was used in a quenched and tempered condition. The corrosion behavior was evaluated using the cyclic potentiodynamic polarization technique. The potentiodynamic polarization measurements were taken in synthetic seawater with 20000ppm and 80000ppm chloride contents at room temperature. The obta (mais) ined cyclic polarization curves show a defined passive region for the adopted test conditions making possible the identification of the electrochemical parameters: pitting potential, protection potential and susceptibility to pitting. In the CO2 saturated solution and in the 20000ppm chloride contents, the protection potential increased and the pitting susceptibility decreased in comparison with the aerated solution. In contrast, the pitting and the protection potentials decreased in the CO2 saturated solution and in the 80000ppm chloride content indicating that the pitting resistance is influenced by a synergy between the chloride concentration and the CO2 saturated solution.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

15

Aplicação de protecção catódica a tanques de armazenamento de combustíveis/ Application of cathodic protection to aboveground storage tanks

Lourenço, Zita; Moura, Rita
2009-09-01

Resumo em português Os tanques aéreos, metálicos, de armazenamento de água, combustíveis e outros fluidos industriais, são normalmente construídos sobre lajes de fundação em betão armado ou assentes directamente no solo, com ou sem murete anelar de contenção de terras, em betão armado. Nos tanques de combustível, os derrames podem trazer graves consequências ambientais e económicas, justificando a adopção das seguintes medidas de mitigação do risco: - Os novos tanques são (mais) , actualmente, construídos com um segundo sistema de contenção de derrames, que consiste geralmente na aplicação de uma membrana de polietileno, que tem como objectivo evitar a contaminação do meio circundante, de modo a reduzir o impacte ambiental provocado por um possível derrame. - Instalação de sistemas de protecção catódica, para controlo da corrosão da face exterior do fundo dos tanques, de modo a prevenir a ocorrência de derrames provocados pela corrosão. A existência de membrana isoladora da corrente eléctrica condiciona o tipo de sistema de protecção catódica e os componentes a utilizar nestes casos. O sistema anódico tem de ser instalado durante a construção da base e inserido no espaço, limitado, existente entre a membrana isoladora e o fundo do tanque. Este artigo descreve a instalação de protecção catódica em dois tanques assentes em dois tipos diferentes de fundação: tanque construído sobre laje de betão armado, na qual se incorporou o sistema anódico e tanque assente no solo, no qual o sistema anódico foi inserido entre o fundo do tanque e a membrana impermeável. Resumo em inglês Aboveground storage tanks (AST) used to store water, crude oil, petroleum products, etc., are usually constructed on reinforced concrete foundations or directly on soil, with or without the reinforced concrete ringwall. The occurrence of leaks, in tanks containing petroleum products, can have serious environmental and economical consequences which justify the adoption of the following risk mitigation measures: - Reduction of the environmental risk in the event of a leak. (mais) New tanks are nowadays constructed with a secondary containment, consisting, usually, of an impervious membrane lining. - Preventing the occurrence of leaks. Installing cathodic protection systems to reduce the risk of corrosion, as leaks are frequently caused by corrosion. The use of isolating membrane, an electrical isolator, will have a significant impact on the cathodic protection system and its components. The anodic system has to be installed during construction of the foundation and placed between the tank bottom and the membrane. This article describes the installation of cathodic protection to two tank bottoms: Tank on a concrete base, with the anodic system encased in the concrete. Tank on soil foundation, in which the anodic system was inserted in the soil existing between the tank bottom and the membrane.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)