Sample records for conjunctivitis
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 20 shown. Select sample records:



1

Conjuntivite presumível por Acanthamoeba/ Conjunctivitis presumably due to Acanthamoeba

Ruthes, Ana Cristina de Carvalho; Wahab, Sâmia; Wahab, Najua; Moreira, Hamilton; Moreira, Luciane
2004-12-01

Resumo em português OBJETIVO: Abordar quatro casos de conjuntivite presumível por Acanthamoeba, descrevendo o diagnóstico, considerando sinais e sintomas e o tratamento instituído. MÉTODOS: Foram estudados casos de conjuntivite presumível por Acanthamoeba diagnosticados no Hospital de Olhos do Paraná (HOP), no período de setembro/1998 a janeiro/2002. Todos os olhos estudados foram submetidos a um protocolo de investigação que incluía exame oftalmológico completo, microbiologia e c (mais) ultura de secreções conjuntivais. RESULTADOS: Os exames laboratoriais de microscopia e cultura do material colhido estes pacientes revelaram o diagnóstico de Acanthamoeba. A maioria dos pacientes referia olhos vermelhos e irritação ocular de longa data. Os autores encontraram correlação entre a cultura e o exame direto, em que se evidenciou a presença de cistos e trofozoítas do protozoário. CONCLUSÃO: Este é o primeiro relato de conjuntivite provavelmente por Acanthamoeba de acordo com a literatura revisada. Pacientes selecionados e refratários ao tratamento habitual de infecção ocular externa devem ser considerados para estudo laboratorial adequado à procura etiológica da doença. Resumo em inglês PURPOSE: To describe four cases of conjunctivitis presumably due to Acanthamoeba considering diagnosis, signs, symptoms and treatment. METHODS: We reviewed the medical records of all patients who presented a clinical diagnosis of Acanthamoeba conjunctivitis between September/1998 to January/2001 at the "Hospital de Olhos do Paraná (HOP)". All eyes were submitted to a protocol of investigation that included ophthalmologic examination, microscopic examination and culture e (mais) xams of conjunctival smears for adequate treatment. RESULTS: The laboratorial results of conjunctival smears revealed contamination with Acanthamoeba by direct examination and thereafter, confirmed by culture. The authors observed cysts and trophozoites of Acanthamoeba. CONCLUSION: This is the first report of conjunctivitis presumably due to according to Acanthamoeba the reviewed literature. Selected patients refractory to clinical treatment should undergo laboratorial screening to identify the etiologic agent and adequate treatment.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

Conjuntivite por Achromobacter xylosoxidans: relato de caso/ Conjunctivitis due to Achromobacter xylosoxidans: case report

Lucatelli, Juliana Faggion; Cantarelli, Vlademir Vicente; Picoli, Simone Ulrich
2009-04-01

Resumo em português Relatamos um caso de conjuntivite ocasionada por Achromobacter xylosoxidans em paciente imunocompetente usuária de lentes de contato rígidas. A bactéria foi isolada da solução utilizada para a desinfecção das lentes bem como do raspado conjuntival. A. xylosoxidans tem sido descrita em infecções oportunistas em pacientes imunodeprimidos, contudo pode ser confundida com outros bacilos gram-negativos, principalmente Pseudomonas aeruginosa, isoladas de infecções oc (mais) ulares em pacientes imunocompetentes. Devido ao reduzido perfil de sensibilidade aos antimicrobianos demonstrado pelo A. xylosoxidans, torna-se importante a identificação deste agente etiológico em quadros de conjuntivite. Resumo em inglês We report here a case of conjunctivitis in an immunocompetent patient due to Achromobacter xylosoxidans, which was associated with the use of rigid contact lenses. The bacteria were isolated from the scraped conjunctival swab as well as from the lens cleaning fluid. A. xylosoxidans is an opportunistic pathogen, especially in immunocompromised patients; however, in isolates of ocular infections, from immunocompetent patients, it may be confused with other gram-negative org (mais) anisms, particularly Pseudomonas aeruginosa. Due to an increased resistance against different antimicrobial agents, A. xylosoxidans must be fully identified and differentiated from other gram-negative isolates from ocular infections.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

Conjuntivite granulomatosa atípica causada pela doença da arranhadura do gato: relato de caso/ Cat-scratch disease causing atypical granulomatous conjunctivitis: case report

Oliveira, Alexandre Hassler Príncipe de; Pereira, Carlos Alberto Pires; Sousa, Luciene Barbosa de; Freitas, Denise de
2004-06-01

Resumo em português Relatamos caso de paciente do sexo feminino, brasileira, 23 anos, residente na Alemanha, que cursou com quadro de conjuntivite granulomatosa bilateral crônica, sem acometimento ganglionar, não responsiva a tratamento tópico. A pesquisa laboratorial confirmou diagnóstico de conjuntivite por Bartonella henselae. O caso demonstra que a ausência de acometimento ganglionar não exclui o diagnóstico de doença da arranhadura do gato. Resumo em inglês We report a case of a 23-year-old female patient, Brazilian, resident of Germany, who presented with a bilateral chronic granulomatous conjunctivitis, without lymphoadenopathy and irresponsive to topical treatment. Laboratorial work-up confirmed Bartonella henselae as the etiologic agent. The case shows that the absence of lymphoadenopathy does not exclude the diagnosis of cat-scratch disease.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

4

Conjuntivite hemorrágica aguda causada pela variante do coxsackievirus A24, em Belém, Pará, Brasil, 1987/ Acute haemorrhagic conjunctivitis caused by coxsackievirus A24 (variant), in Belém, Pará, Brazil, 1987

Santos, Elisabeth De O.; Macedo, Olinda; Gomes, Maria De Lourdes C.; Nakauth, Célia Maria
1989-06-01

Resumo em português Durante um surto de conjuntivite hemorrágica aguda (CHA), ocorrido em Belém, Pará, Brasil, em 1987, foi feita investigação etiológica clínica e laboratorial, atendidos 83 pacientes e colhidos espécimes da conjuntiva, orofaringe e soro. Na linhagem celular HEP-2 obteve-se 73 isolamentos de um enterovírus posteriormente identificado pelo Centers for Disease Control (CDC), Atlanta, Geórgia, USA, como sendo uma variante do coxsackievirus A24. Em 56 pares de soro for (mais) am realizados testes de neutralização para o EV70 e para a cepa isolada, tendo havido 57% (32) de conversão sorológica para essa última. Resumo em inglês An epidemic of acute haemorrhagic conjunctivitis in Belém, Pará, Brazil, was investigated. From 83 patients, 73 samples of virus was isolated in cultures of HEP-2 cells from conjunctival swab and throat swab. The virus isolates were identified in Centers for Disease Control, Atlanta, Georgia, USA, as an antigenic variant of coxsackievirus A24. Neutralization Test was done on 56 paired serum samples, using entero virus type 70 (E V70) and virus isolates. Serological conversions for virus isolates were found in 57% (32 patients).

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

5

Diagnóstico de conjuntivite adenoviral pelo RPS Adenodetector®/ Adenovirus conjunctivitis diagnosis using RPS Adenodetector®

Barbosa Junior, José Bonifácio; Regatieri, Caio Vinicius Saito; Paiva, Terezinha Maria de; Benega, Margareth Aparecida; Ishida, Maria Akiko; Corrêa, Kátia Oliveira; Freitas, Denise de; Belfort Junior, Rubens
2007-06-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar a utilização do RPS Adenodetector®, como método diagnóstico de pacientes com quadro clínico de conjuntivite adenoviral. MÉTODOS: Análise de série de casos consecutivos de pacientes com diagnóstico clínico de ceratoconjuntivite adenoviral submetidos comparativamente ao teste RPS Adenodetector® e a raspado conjuntival para cultura de vírus. RESULTADOS: Dos 11 pacientes avaliados, 10 pacientes apresentavam acometimento unilateral. Em relação (mais) ao tempo de início dos sintomas no momento da colheita, 5 (45,5%) pacientes apresentavam dois dias de história, 5 (45,5%) apresentavam três dias e 1 (9,1%) apresentava 7 dias. A cultura para adenovírus foi positiva em 8 pacientes (73%) e o RPS Adenodetector® foi positivo em 9 pacientes (82%). Oito pacientes apresentaram o teste rápido e cultura positiva. Um paciente apresentou teste RPS Adenodetector® positivo com cultura negativa. Os dois pacientes com teste RPS Adenodetector® negativo apresentaram cultura negativa. O RPS Adenodetector® mostrou sensibilidade de 100% e especificidade de 67% adotando-se a cultura de vírus como exame padrão-ouro para o diagnóstico de conjuntivite adenoviral. CONCLUSÃO: O RPS Adenodetector® foi útil para o diagnóstico de conjuntivite adenoviral e pode auxiliar na orientação do paciente quanto ao contágio e disseminação da doença. Resumo em inglês PURPOSE: To evaluate the RPS Adenodetector®, a rapid immunochromatographic test, in the diagnosis of patients with clinical overt adenoviral conjunctivitis. METHODS: Consecutive case series. Patients underwent conjunctiva scraping for RPS Adenodetector® test and culture to identify adenovirus. RESULTS: A total of 11 patients were studied, and 10 had unilateral disease. Five (45.5%) had symptoms for 2 days, 5 for three days, and 1 for 7 days. Adenovirus culture was posit (mais) ive in 8 patients (73%) and RPS Adenodetector® was positive in 9 (82%) patients. Eight patients had adenovirus identification by both methods. In one patient the RPS Adenodetector® was positive in contrast to a negative culture. The two patients revealing negative RPS Adenodetector® results also had negative cultures. The sensitivity was 100% and the specificity was 67%. CONCLUSION: The RPS Adenodetector® is a useful tool in the rapid diagnosis of adenovirus conjunctivitis and may contribute to the spread control of this highly contagious disease.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

6

Análise clínica e morfológica da conjuntivite alérgica induzida por ovalbumina e tratada com chalcona em cobaias/ Clinical and morphologic analysis of allergic conjunctivitis induced by ovalbumin and treated with chalcona in guinea pigs

Albuquerque, Rosemary Jorge de Mendonça; Rodrigues, Lusmar Veras; Viana, Glauce Socorro de Barros
2004-01-01

Resumo em português OBJETIVO: Verificar, do ponto de vista clínico e morfológico, o efeito da chalcona na conjuntivite alérgica induzida por ovalbumina em cobaias. MÉTODOS: Utilizaram-se 54 cobaias, albinos, machos pesando aproximadamente 400 g. Os animais foram sensibilizados por injeção intraperitoneal de ovalbumina suspensa em solução adjuvante completa de Freund. Posteriormente, a conjuntivite alérgica foi induzida por instilação de ovalbumina no saco conjuntival do olho direi (mais) to. Os animais foram distribuídos em 3 grupos, conforme o tratamento proposto: chalcona, corticóide e salina. A avaliação clínica foi realizada com 5, 10 e 40 min, 7 e 24 h da indução e diariamente até o dia 7 da indução. A avaliação morfológica consistiu em avaliar edema, necrose, vascularização e exocitose nos dias 1, 3 e 7 da indução. RESULTADOS: Em todos os grupos a resposta inflamatória foi mais intensa 24 h após a indução. No grupo chalcona evidenciou-se menos sinais inflamatórios que no grupo salina. O grupo corticóide apresentou menos sinais inflamatórios quando comparados aos grupos chalcona e controle. À análise morfológica evidenciou-se que os grupos chalcona e corticóide apresentaram efeitos terapêuticos semelhantes. CONCLUSÃO: A chalcona teve efeito terapêutico na conjuntivite alérgica induzida por ovalbumina. Resumo em inglês PURPOSE: To study for clinical and morphological point of views, the effects of a chalcone in allergic conjunctivitis induced by ovalbumim in guinea pig. METHODS: Fifty-four white male guinea pigs weighing approximately 400 g were used in the study. All animals were sensitized by intraperitoneal injection of ovalbumin suspended in Freund’s complete adjuvant solution. Conjunctivitis was induced by the ovalbumin by instillation of ovalbumin in conjunctival sac of right eye (mais) ´s. The animals were randomized in 3 groups agreement with the proposed treatment: chalcone,corticoid and saline. The clinical analysis were recorded at 5, 10 e 40 min, 7 e 24 h after induced and daily until 7 days after induced. Morphologic analysis consisted in evaluating edema, necrosis, vascularization and exocytosis at the 1, 3 and 7 days following induction of conjunctivitis. RESULTS: Clinical alterations were more accentuated 24 h after induction. Inflammatory signs were less apparent in chalcone group as compared to saline Corticoid group presented less inflammatory signs when compared to chalcone and control groups. Morphologic analysis disclosed that chalcona effect is similar to corticoid effects. CONCLUSION: It is concluded that chalcona had therapeutic effect in the allergic conjunctivitis induced by ovalbumine in guinea pigs.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

7

Tracoma em pacientes com conjuntivite alérgica/ Trachoma in patients with allergic conjunctivitis

Bezerra, Haroldo de Lucena; Santos, Glauco Igor Viana dos
2010-06-01

Resumo em português Objetivos: Este trabalho teve o objetivo de identificar possível associação entre conjuntivite alérgica e infecção por Chlamydia trachomatis. Método: Realizamos um estudo prospectivo em 104 olhos de 52 pacientes com hipótese diagnóstica de conjuntivite alérgica primaveril e atópica. Os pacientes foram examinados no Núcleo Especializado em Oftalmologia de João Pessoa - NEO. Foi realizada em todos os 52 pacientes, a citologia conjuntival, uma vez que pode evide (mais) nciar a presença de eosinófilos e corpúsculos de inclusões no esfregaço do raspado conjuntival, como também a imunofluorescência direta por ser o exame de escolha para confirmação de infecção por Chlamydia trachomatis. Todos os procedimentos foram aprovados pelo Comitê de Ética em pesquisa. Resultados: Dos 52 pacientes, 41 (78,8%) apresentou conjuntivite primaveril e 11 (21,2%) conjuntivite atópica. Quarenta e um (78,8%) eram do sexo masculino e 11 (21,2%) do feminino. As idades variaram de 3 a 19 anos, com uma média de 9,8 anos. Quanto à distribuição racial, 16 (30,8%) pacientes eram brancos, 14 (26,9%) eram negros e 22 (42,3%) eram pardos. Pacientes com doença alérgica sistêmica observou-se que 25 (48,1%) pacientes apresentaram asma brônquica, 20 (38,5%) rinite alérgica e 5 (9,6%) dermatite atópica. Os principais sintomas relatados pelos pacientes foram coriza (59,6%), prurido ocular (98,1%), ardor ou queimação (61,5%), lacrimejamento (65,3%) e fotofobia (61,5%). Os principais sinais clínicos foram: hiperemia ocular (100%), bilateralidade (100%), papilas no tarso (92,3%) e secreção mucosa (82,7%). A citologia do raspado conjuntival encontrou o eosinófilo em 86,5% dos casos. Apenas 7 pacientes não apresentaram eosinófilos no raspado conjuntival. Observamos que 3 pacientes (5,8%) apresentou imunofluorescência positiva para Chlamydia, evidenciando associação entre conjuntivite alérgica e tracoma. Conclusão: É importante determinar a existência simultânea de Chlamydia trachomatis com a conjuntivite alérgica, dada à possibilidade de alterar o prognóstico visual e os sintomas se potencializarem no caso de acometimento duplo. Desta forma faz-se necessário a realização da imunofluorescência direta para o devido diagnóstico em pacientes com conjuntivite alérgica. Resumo em inglês Purpose: The aim of this paper was to identify a possible association between allergic conjunctivitis and Chlamydia trachomatis infection. Methods: A prospective study was carried out in 104 eyes of 52 patients with diagnosis of vernal conjunctivitis and atopic keratoconjunctivitis. Conjunctival cytology was performed in all the 52 patients, once it can evidence eosinophils presence and inclusions corpuscles in the conjunctival scraping smear, as well as the direct immuno (mais) fluorescence that is the choice exam for Chlamydia trachomatis infection confirmation. All procedures were approved by the Institutional Review Board Ethics Committee. Results: Of the 52 patients, 41 (78.8%) presented vernal conjunctivitis and 11 (21.2%) atopic keratoconjunctivitis. Forty-one patients (78.8%) were male and 11 (21.2%) female. The ages varied from 3 to 19 years, with an average of 9.8 years. Regarding racial distribution, 16 (30.8%) patients were caucasian, 14 (26.9%) were black and 22 (42.3%) were brown. Regarding systemic allergic diseases, it was observed that 25 (48.1%) patients presented asthma, 20 (38.5%) allergic rhinitis and 5 (9.6%) atopic dermatitis. The main symptoms complained by the patients were coryza (59.6%), ocular itching (98.1%), burning (61.5%), tearing (65.3%) and photophobia (61.5%). The main clinical signs were: ocular hyperemia (100%), bilaterality (100%), superior tarsal papilla (92.3%) and mucous secretion (82.7%). The cytology of the conjunctival scrapings found eosinophil in 86.5% of the cases. Only seven patients did not present eosinophils in the conjunctival scrapings. Three patients (5.8%) presented positive immunofluorescence for Chlamydia, evidencing an association between allergic conjunctivitis and trachoma. Conclusion: It is important to determine the simultaneous coexistence of Chlamydia trachomatis and allergic conjunctivitis, due to the possibility to change the visual prognostic and of symptoms potentiation in case of double attack. Therefore, it is necessary to performe direct immunofluorescence for the correct diagnosis in patients with allergic conjunctivitis.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

8

Aspectos clínicos e epidemiológicos da conjuntivite alérgica em serviço de referência/ Epidemiological and clinical features of allergic conjunctivitis in a reference center

Marback, Patricia Maria Fernandes; Freitas, Denise de; Paranhos Junior, Augusto; Belfort Junior, Rubens
2007-03-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar aspectos demográficos e clínicos de pacientes com conjuntivite alérgica atendidos em centro de referência. MÉTODOS: Estudo prospectivo no qual sinais e sintomas foram graduados com fichas padronizadas e diagnóstico diferencial feito pelo quadro clínico. RESULTADOS: Foram avaliados 207 pacientes, 131 (63,28%) do sexo masculino e com idade variando de 1 a 45 anos. Destes, 38,65% foram diagnosticados como ceratoconjuntivite primaveril; 38,65% como ce (mais) ratoconjuntivite atópica; 12,56% como conjuntivite alérgica perene e em 10,14% dos pacientes não houve diagnóstico definido. A presença de alergia extra-ocular foi maior em pacientes com conjuntivite atópica (91,25%) e menor em pacientes com primaveril (32,5%) e a história de alergia na família foi maior naqueles sem diagnóstico definido (59,1%) e menor no grupo de conjuntivite primaveril (28,75%). Os sintomas mais intensos foram prurido e lacrimejamento em pacientes com ceratoconjuntivites e houve correlação positiva entre a intensidade dos sintomas e dos sinais clínicos. CONCLUSÕES: Houve predomínio de formas crônicas e graves da alergia ocular com ameaça potencial à função visual. Resumo em inglês BACKGROUND: To evaluate demographic and clinical features of patients with allergic conjunctivitis in a reference center. METHODS: Prospective study using sings and symptoms graduated by standardized charts for clinical diagnosis. RESULTS: We evaluated 207 patients, age ranging form 1 to 45 years and of whom 131 (63.28%) were males. Of the patients, 38.65% presented vernal keratoconjunctivitis; 38.65%, atopic keratoconjunctivitis; 12.56%, perennial allergic conjunctivitis (mais) and in 10.14% patients the diagnosis was not defined. Extraocular allergy was more frequent in patients with atopic keratoconjunctivitis (91.25%) and less frequent in patients with vernal keratoconjunctivitis (32.5%). Family history of allergy was more frequent in patients without defined diagnosis (59.1%) and less frequent in the vernal group (28.75%). The most itense symptoms were itching and tearing in patients with keratoconjunctivitis. There was a positive correlation between symptom intensity and signs severity. CONCLUSION: Chronic and severe types of ocular allergy, with potential threat to visual function, predominated in the studed group.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

9

Prevalência de infecção por Chlamydia tracomatis em amostras oculares de pacientes com conjuntivite em laboratório de genética e biologia molecular na região metropolitana de Florianópolis/ Prevalence of infection by chlamydia trachomatis in ocular samples of patients with conjunctivitis in genetic and molecular biology laboratory from metropolitan area of Florianópolis, Brazil

Machado, Marcos de Oliveira; Fraga, Diego de Souza; Floriano, João Fernandes; Menezes, Maria Elizabeth; Traebert, Jefferson
2009-08-01

Resumo em português Objetivo: Conhecer a prevalência de infecção ocular em amostras de raspado conjuntival causada por C. trachomatis, no período de janeiro de 2004 a junho de 2007 em laboratório de Genética e Biologia Molecular da região metropolitana de Florianópolis, SC. Métodos: Realizou-se um estudo transversal e descritivo, envolvendo todos os casos de conjuntivite registrados no banco de dados do Laboratório de Genética e Biologia Molecular (DNAnálise) de janeiro de 2004 a (mais) junho de 2007. Foi observada a positividade de C. tracomatis nas amostras coletadas de raspado ocular. Resultados: Dos 660 exames realizados foram detectados 359 casos positivos (54,4%), sendo a maior parte do sexo feminino (66,3%). A prevalência foi maior na faixa etária de zero a 15 anos em pacientes de ambos os sexos, sendo 55,8% para o sexo masculino e 62,5% para o sexo feminino. Verificou-se um grande aumento de casos positivos no primeiro semestre do ano de 2006, representando 79,2% de todos os pacientes analisados. Conclusão: Houve um aumento no número de casos de conjuntivite na região metropolitana de Florianópolis no ano de 2006, causada pela C. trachomatis no laboratório de Genética e Biologia Molecular. O grande aumento de casos verificados sugere a necessidade da intensificação das ações de vigilância epidemiológica do tracoma nessa região para confirmar clinicamente o aumento da prevalência do tracoma. Resumo em inglês Objective: To estimate the prevalence of ocular infection by Chlamydia trachomatis in conjuctival material, from january 2004 to june 2007 at Genetic and Molecular Biology Laboratory from Florianópolis Metropolitan area, SC. Methods: A cross-sectional and descriptive study involving all cases of conjunctivitis using the database of Genetic and Molecular biology Laboratory (DNAanálises) recorded in the period from january 2004 to june 2007 was carried out. The positivity (mais) to C. trachomatis in conjunctival material was observed. Results: A total of 660 exams to the detection of C. trachomatis in ocular samples were observed 359 (54,4%) positive cases which the most part of them were from female patients (66,3%). The majority of the cases were observed at the female group (66.3%). The highest prevalence was between one to 15 years old in both sex groups, being 55.8% in the male and 62.5% in the female group. We observed an increased number of cases between january and june of 2006 representing 79.2% of the total positive cases. Conclusion: There was an increased number of conjunctivitis at Florianópolis Metropolitan area at the year of 2006, caused by Chlamydia trachomatis detected at Genetic and Molecular Biology Laboratory. The great number of cases detected in the studied area suggests the need for strengthening epidemiological surveillance activities at the region to confirm clinically the increased prevalence of trachoma.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

10

Ectrópio palpebral em portador da síndrome de Down e conjuntivite alérgica: relato de caso/ Eyelid ectropion in Down's syndrome related to allergic conjunctivitis: case report

Shiratori, Claudia Akemi; Komatsu, Maria Claudia; Schellini, Silvana Artioli; Cvintal, Tadeu
2007-08-01

Resumo em português Relata-se o caso de paciente com síndrome de Down, portador de importante ectrópio mecânico da pálpebra inferior, relacionado com conjuntivite alérgica, catarata e ceratocone. Foi feito tratamento cirúrgico, empregando a técnica de "tarsal strip" e ressecção da lamela posterior que estava redundante e espessa, com bom resultado estético e funcional. Resumo em inglês This is a case report of a patient with Down's syndrome with an important mechanical ectropion and elongation of the lower lid related to chronic allergic conjunctivitis, besides cataract and keratoconus. The tarsal strip technique and ressection of redundant and thick conjunctiva was the surgical approach chosen for this case. Functional and cosmetic outcomes were considered satisfactory.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

11

Utilização da albumina na citologia esfoliativa em pacientes com conjuntivite alérgica/ Use of albumin in exfoliative cytology in patients with allergic conjunctivitis

Bezerra, Haroldo de Lucena; Rizzo, Luiz Vicente; Yu, Maria Cecília Zorat; Freitas, Denise de
2003-12-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar a albumina como fixador de material obtido de raspado conjuntival para citologia esfoliativa. MÉTODOS: Foi realizada citologia esfoliativa conjuntival por meio de estudo prospectivo em quarenta e seis olhos de vinte e três pacientes com conjuntivite alérgica. Foram realizadas três colheitas: (1) na fase aguda, (2) após uso de corticosteróides (tratamento A) e (3) após uso de estabilizador de membrana de mastócitos (tratamento B); em dois tipos de (mais) lâminas, com e sem albumina, sendo submetidas à coloração pelo método de Giemsa. RESULTADOS: Dos vinte e três pacientes, cinco (21,7%) eram do sexo feminino e dezoito (78,3%) do sexo masculino, com média de 10,8 anos. Dezoito (78,3%) apresentaram conjuntivite primaveril e cinco (21,7%) ceratoconjuntivite atópica. Após análise estatística da citologia conjuntival, as lâminas tratadas com albumina apresentaram maior número de células epiteliais íntegras em relação às não tratadas, apenas nos grupos pré-tratamento e no grupo do tratamento B. A contagem de neutrófilos foi significativamente maior no grupo de tratamento B nas lâminas não tratadas com albumina em relação às tratadas. Na contagem de eosinófilos não houve diferença entre as lâminas tratadas com albumina em relação às não tratadas, já no grupo de tratamento B houve diferença estatística entre olho direito e esquerdo na lâmina sem albumina. CONCLUSÃO: Não houve diferenças estatísticas entre as lâminas tratadas com albumina e as não tratadas para a maioria das células pesquisadas, além disso, a albumina adere muco dificultando a observação das lâminas, não sendo indicada na citologia esfoliativa de conjuntiva. Resumo em inglês PURPOSE: To evaluate albumin as fixative material of conjunctival scrapings for exfoliative cytology. METHODS: Conjunctival exfoliative cytology was performed through a prospective study in forty-six eyes of twenty-three patients with clinical diagnosis of allergic conjunctivitis. Three scrapings were performed: (1) in the pretreatment period, (2) after use of corticosteroids (treatment A) and (3) after use of mast cell stabilizer (treatment B); in two types of smears, wi (mais) th and without albumin, which were then submitted to staining by the Giemsa method. RESULTS: Of the twenty-three patients, five (21.7%) were female and eighteen (78.3%) male, with an age average of 10.8 years. Eighteen (78.3%) presented vernal conjunctivitis and five (21.7%) atopic keratoconjunctivitis. By the statistical analysis of the conjunctival cytology, the smears treated with albumin presented a larger number of intact epithelial cells in relation to the nontreated, only in the pretreatment and in the B treatment groups. The number of neutrophils was significantly greater in the B treatment group than in the smears not treated with albumin in relation to the treated ones. Regarding the number of eosinophils there was no difference between the smears treated with albumin in relation to the nontreated, while in the B treatment group there was a statistical difference between the right and left eye regarding smears without albumin. CONCLUSION: There were no statistical differences between smears treated with albumin and those not treated for most researched cells; in addition, albumin adheres mucus hindering the observation of smears, and thus is not indicated for conjunctival exfoliative cytology.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

12

Redes neurais artificiais aplicadas no estudo de questionário de varredura para conjuntivite alérgica em escolares/ Artificial neural networks applied to study allergic conjunctivitis screening questionnaire

Goulart, Denise Atique; Tacla, Milena Atique; Marback, Patrícia Maria Fernandes; Solé, Dirceu; Paranhos Junior, Augusto; Perez, Homero B.; Freitas, Denise de; Sato, Elcio Hideo
2006-10-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar sensibilidade e especificidade de questionário escrito de varredura para alergia ocular por análises multivariáveis. Comparação entre os modelos de análise multivariável; elaboração de rede neural artificial para varreduras futuras. MÉTODOS: Estudo observacional, transversal realizado na UNIFESP, com 48 pacientes portadores de conjuntivite alérgica e 54 crianças sadias. A idade variou entre 3 e 14 anos, sem restrição quanto ao sexo, doença (mais) alérgica sistêmica ou tratamento. Aplicou-se questionário desenvolvido e procedeu-se a uma análise estatística multivariável. Por fim, elaborou-se uma rede neural artificial. RESULTADOS: A média de idade dos participantes foi 8,4 anos (4 a 13 anos), com predomínio do sexo masculino (60,8%). A pontuação média do questionário foi 10 (0 a 18). A média do escore do grupo controle foi inferior ao grupo estudo (p Resumo em inglês PURPOSE: To evaluate sensibility and specificity of a screening questionnaire with multivariable analysis, compare them and elaborate an artificial neural network for future screenings. METHODS: Observational, transversal study performed at UNIFESP, with 48 patients with allergic conjunctivitis and 54 children without the disease. Their age ranged between 3 and 14 years and there was no restriction related to gender, systemic allergy or treatment. The questionnaire was ap (mais) plied and multivariable statistical analysis was performed. Finally, an artificial neural network was elaborated. RESULTS: Mean age was 8.4 years (7-13) and male gender was more frequent (60.7%). Mean score was 10.04 (0-18), and it was higher in the study group (p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

13

Características laboratoriais das ceratites e conjuntivites causadas por Streptococcus sp/ Laboratorial findings of Streptococcus keratitis and conjunctivitis

Solari, Helena Parente; Sousa, Luciene Barbosa de; Freitas, Denise de; Yu, Maria Cecília Zorat; Höfling-Lima, Ana Luisa
2004-10-01

Resumo em português OBJETIVOS: Analisar os resultados laboratoriais de conjuntivites e ceratites com cultura positiva para Streptococcus sp, avaliando a incidência das diferentes espécies e os dados dos antibiogramas. MÉTODOS: Estudo retrospectivo de revisão de prontuários de pacientes encaminhados ao laboratório de Doenças Externas do Departamento de Oftalmologia da UNIFESP com resultado de cultivo bacteriano positivo de córnea ou conjuntiva e com identificação de alguma cepa do g (mais) ênero Streptococcus sp, no período de janeiro de 1995 a dezembro de 2001. Analisou-se idade do paciente, espécie de Streptococcus e os testes de sensibilidade aos seguintes antibióticos: cefalotina, amicacina, gentamicina, tobramicina, ciprofloxacina, lomefloxacina, ofloxacina, norfloxacina e vancomicina. RESULTADOS: As espécies mais encontradas foram Streptococcus pneumoniae e Streptococcus viridans. Com relação aos antibióticos, a sensibilidade foi maior à cefalotina, às quinolonas e à vancomicina. CONCLUSÕES: Considerando-se os antibióticos tópicos comercialmente disponíveis, as quinolonas apresentam melhor espectro de ação quando comparadas aos aminoglicosídios. Resumo em inglês PURPOSE: To evaluate laboratorial findings of Streptococcus keratitis and conjunctivitis, analyzing the different species and the results of bacterial susceptibility to an antibiotics. METHODS: Retrospective study of the records from the External Disease Laboratory of the Ophthalmology Department of the Federal University of São Paulo, with conjunctival or corneal positive bacterial culture for Streptococcus sp, between January 1995 and December 2001. The collected data (mais) were age, Streptococcus species and the bacterial susceptibility to the following antibiotics: cephalotin, amikacin, gentamicin, tobramicin, ciprofloxacin, lomefloxacin, ofloxacin, norfloxacin and vancomicin. RESULTS: The most frequent species were Streptococcus pneumoniae and Streptococcus viridans. Regarding bacterial susceptibility to antibiotics we found a higher susceptibility to the following antibiotics: cephalotin, quinolones and vancomicin. CONCLUSIONS: Considering the commercially available topic antibiotics, the quinolones presented better results when compared to the aminoglycosides.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

14

Microbiota aeróbia conjuntival nas conjuntivites adenovirais/ Ocular flora in adenoviral conjunctivitis

Nakano, Eliane Mayumi; Freitas, Denise de; Yu, Maria Cecília Zorat; Alvarenga, Lênio Souza; Hofling- Lima, Ana Luisa
2002-06-01

Resumo em português Objetivos: Estudar a microbiota aeróbica conjuntival em pacientes com quadro clínico de conjuntivite viral aguda. Método: Trinta pacientes entre 18 e 40 anos portadores de conjuntivite adenoviral e 30 pacientes sem a doença foram submetidos à colheita de material da conjuntiva para cultura. Os portadores de conjuntivite adenoviral foram submetidos ao exame até 3 dias após o início dos sintomas. As culturas foram realizadas utilizando-se os meios de ágar-sangue e (mais) ágar-chocolate. Pacientes em uso de medicação tópica ou sistêmica, usuários de lentes de contato e aqueles com doença ocular prévia ou doença sistêmica foram excluídos. Resultados: Houve positividade significantemente maior das culturas de conjuntiva nos pacientes com conjuntivite adenoviral (33,3%, sendo Haemophylus influenzae em 50% e Streptococcus pneumoniae em 50%) quando comparados ao grupo controle (6,6% - Staphylococcus coagulase negativo). O grupo de pacientes com conjuntivite e que apresentaram culturas positivas, não diferiu em nenhum dos critérios clínicos analisados do grupo com culturas negativas. Conclusão: Pacientes com conjuntivite adenoviral apresentaram maior freqüência de exames de cultura de amostra de conjuntiva positivas quando comparados aos controles normais. Os pacientes com conjuntivite adenoviral com cultura positiva apresentaram evolução clínica semelhante aos pacientes com cultura negativa. Os agentes isolados na microbiota conjuntival no grupo com conjuntivite foram diferentes do observado no grupo normal. Porém o resultado das culturas não apresentou correlação com a evolução clínica. Resumo em inglês Purpose: To study the aerobic bacterial conjunctival flora in patients with clinical diagnosis of acute viral conjunctivitis. Method: Thirty patients between 18 and 30 years with acute adenoviral conjunctivitis and 30 normal subjects underwent conjunctival culture examination. Material from the conjunc-tiva of patients with conjunctivitis was collected within the first 3 days of onset of the symptoms. Blood-agar and chocolate-agar plates were used for culture. Patients un (mais) der any topical or systemic medication, contact lens wearers, patients with ocular or systemic disease were excluded. Results: Significant positivity in culture results of patients with adenoviral conjunctivitis was observed (33.3%, among which 50% were Haemophylus influenzae and 50% were Streptococcus pneumoniae), when compared to conjunctival culture of normal subjects (6.6% of coagulase-negative staphylococci). There was no clinical difference related to the isolation of bacteria in the conjunctival sample of all patients. Conclusion: Patients with clinically diagnosed viral conjunctivitis have a higher rate of positive cultures when compared to controls. Nevertheless, this finding does not correlate with clinical differences. Microorganisms isolated in the conjunctiva of patients with adenoviral conjunctivitis were different from those isolated in the conjunctiva of normal subjects.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

15

Comparação do uso tópico de cetotifeno com a olopatadina no tratamento de conjuntivites alérgicas/ Comparison between topical use of ketotifen and olopatadine in the treatment of allergic conjunctivitis

Höfling-Lima, Ana Luisa; Andrade, Alfredo J. M.; Marback, Patrícia M. F.; Farah, Michel Eid; Mascaro, Vera
2001-10-01

Resumo em português Objetivo: Avaliar e comparar a eficácia e tolerância do uso tópico do fumarato de cetotifeno a 0,05% e cloridrato de olopatadina a 0,1% no tratamento de pacientes com conjuntivite alérgica. Método: Foi realizado estudo clínico mascarado, randomizado comparando a eficácia, segurança e os efeitos colaterais com o uso da solução oftálmica de fumarato de cetotifeno a 0,05% e cloridrato de olopatadina a 0,1% no alívio dos sintomas e sinais em pacientes com conjunti (mais) vite alérgica. Trinta e quatro pacientes obedecendo aos critérios de inclusão do protocolo receberam um frasco com a droga mascarada e instilaram uma gota duas vezes por dia em cada olho durante 30 dias. Os sintomas e sinais dos pacientes foram avaliados em uma visita pré-tratamento e cinco com tratamento (1º dia, 2º dia, 7º dia, 14º dia e 30º dia). Resultados: A gravidade da conjuntivite alérgica foi semelhante nos dois grupos do estudo. Tanto cetotifeno como a olopatadina foram equivalentes e eficazes na diminuição dos sintomas de prurido, ardor e lacrimejamento. Quanto aos sinais, a hiperemia em conjuntiva bulbar foi atenuada nos dois grupos. Na avaliação das reações adversas observou-se ardor após a administração de ambos colírios e a ocorrência de prurido no grupo do cetotifeno. Não foi observada nenhuma reação de hipersensibilidade das drogas estudadas. Conclusões: Este estudo evidencia que a solução oftálmica de fumarato de cetotifeno a 0,05% e o cloridrato de olopatadina a 0,1% quando instilados duas vezes ao dia durante 30 dias, são eficazes e seguros no alívio dos principais sintomas das conjuntivites alérgicas. Resumo em inglês Purpose: To evaluate and compare the efficacy and tolerance to the topical use of 0.05% ketotifen fumarate and 0.1% olopatadine hydrochloride in the treatment of patients with allergic conjunctivitis. Methods: A masked, randomized clinical study was performed in order to compare the efficacy, safety and side effects of the use of 0.05% ketotifen fumarate and 0.1% olopatadine hydrochloride ophthalmic solutions for the alleviation of symptoms and signs in patients with alle (mais) rgic conjunctivitis. Thirty-four patients, fulfilling the inclusion criteria of the protocol were divided into two groups and received a flask with the masked drug, instilling one drop twice daily in each eye for 30 days. Signs and symptoms of these patients were evaluated on a visit before treatment and on five visits during the treatment (days 1, 2, 7, 14 and 30). Results: Severity of allergic conjunctivitis was the same in both studied groups. Both ketotifen and olopatadine were equivalent and efficient regarding decrease in itching, burning and lacrimation symptoms. Bulbar conjunctival hyperemia was attenuated in both groups. Evaluation of adverse reactions showed the occurrence of burning on administration of both drugs and ketotifen led to occurrence of itching. No hypersensitivity reaction to the studied drugs was observed. Conclusions: This study evidences that 0.05% ketotifen fumarate and 0.1% olopatadine hydrochloride ophthalmic solutions, when instilled twice daily for 30 days, were efficient and safe regarding alleviation of the main symptoms and signs of allergic conjunctivitis.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

16

Infecção por Chlamydia trachomatis no período neonatal: aspectos clínicos e laboratoriais. Experiência de uma década: 1987-1998/ Chlamydia trachomatis infection in neonatal period. Clinical and Laboratorial aspects. Experience of ten years: 1987-1998

Vaz, F.A.C.; Ceccon, M.E.J.; Diniz, E.M.A.
1999-12-01

Resumo em português A infecção por C. trachomatis é adquirida pelo recém-nascido (RN) principalmente durante sua passagem pelo canal do parto; 25% a 50% destes deverão desenvolver conjuntivite e 10% a 20% pneumonia. OBJETIVOS: Verificar a incidência de infecção ocular por C. trachomatis nos RN internados com diagnóstico de conjuntivite, num período de 10 anos. - Observar a associação entre infecção ocular é pneumonia intersticial - Estudar os aspectos epidemiológicos e os mé (mais) todos utilizados para o diagnóstico laboratorial. CASUÍSTICA E METODOLOGIA: Foram analisados os RN internados com diagnóstico de conjuntivite e/ou pneumonia intersticial internados na UCINE no período de 1987-1998. Os métodos de diagnóstico utilizados foram: a pesquisa direta do agente etiológico em raspado de conjuntiva, radiografia de tórax, sorologia para C. trachomatis no sangue pelo método de imunofluorescência para anticorpos IgG e IgM. RESULTADOS: Estudamos as características de 20 RN que apresentaram infecção por C. trachomatis : 15 eram de termo (75%) e cinco, pré-termos (25%); houve predominância da infecção no sexo feminino (60%); a pneumonia esteve presente em 15 dos 20 RN (75%) e 12 apresentaram associação de conjuntivite e pneumonia. Não houve relação significante entre tipo de parto, idade materna, número de parceiros e a infecção, sendo que o antecedente materno de leucorreia esteve presente em 50% dos casos. O diagnóstico sorológico esteve relacionado com a presença de pneumonia e a pesquisa direta com a conjuntivite. A incidência de conjuntivite por C. trachomatis entre os RN internados com esse diagnóstico durante o período de estudo foi de 17/100 (17%). CONCLUSÕES: A C. trachomatis é um importante agente patogênico e sua pesquisa é muito importante em RN com conjuntivite e/ou pneumonia intersticial mesmo na ausência de fatores de risco para doença sexualmente transmissível. A pesquisa direta em raspado de conjuntiva e o exame sorológico se mostraram importantes como métodos auxiliares do diagnóstico. Resumo em inglês Chlamydia trachomatis infection is adquired by the newborn infant during the delivery, 25 to 50 % of them may develop conjunctivitis and 10 to 20 % pneumonia. BACKGROUND: To verify the incidence of ocular infection by C. trachomatis in the newborn infants with conjunctivitis. To observe the association between ocular infection and intersticial pneumonia.-Study the epidemiological aspects and laboratorial methods of criterial diagnosis. CASUISTICS AND METHODS: We studied t (mais) he newborn infants admitted in the intensive neonatal care with diagnostic of conjunctivitis and/or interstitial pneumonia during the period of ten years. The diagnostic methods were direct exam of etiologic agent in conjunctival material, X ray chest and serologic test by imunofluorescence method for IgG and IgM antibodies. RESULTS: We studied the clinical characteristics of 20 newborns infants with chlamydial trachomatis infection: 15 (75%) were terms newborns and 5 (25%) pre-terms. We observed the predominance of infection in females (60%); pneumonia was observed in 15/20 (75%) and 12 of them had both: conjunctivitis and pneumonia. we did not observe significant association among type of delivery, age of the mother, number of partner and infection. Leukorrhea was present em 50% of the mothers The serologic test was positive in 100% of the newborn with pneumonia and none with conjunctivitis alone,and the direct exam in conjuntival material was positive in newborns with conjunctivitis. The incidence of C. trachomatis in the newborns admitted in this period with conjunctivitis were 17/100 (17%). CONCLUSION: Chlamydia trachomatis is an important pathogenical agent and the research of it is essential in newborn infants with conjunctivitis and/or interstitial pneumonia even there were not risk factors for sexually transmitted diseases. The direct exam of conjunctival material and serologic test are very important to diagnosis.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

17

Dermatoceratoconjuntivite atópica em pacientes do Ambulatório de Dermatologia Infanto-Juvenil em centro de referência/ Atopic keratoconjunctivitis in patients of the pediatric dermatology ambulatory in a reference center

Moscovici, Bernardo Kaplan; Cesar, Andréa Santucci; Nishiwaki-Dantas, Maria Cristina; Mayor, Silvia A. Soutto; Marta, Alessandra Cristine; Marques, Junia Cabral
2009-12-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar a frequência de dermatoceratoconjuntivite atópica, seus sintomas e alterações em pacientes do Ambulatório de Dermatologia Infanto-Juvenil da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo com diagnóstico prévio de dermatite atópica. MÉTODOS: Foram avaliados 52 portadores de dermatite atópica do Ambulatório de Dermatologia Infanto-Juvenil, menores de 16 anos (média de idade 8,9 ± 4,1 entre 2 e 16 anos) por meio de um protocolo de ques (mais) tões de sintomas e avaliação oftalmológica dos sinais. Os sinais e sintomas foram graduados de 0 (ausente) a 4 (maior intensidade), e em alguns casos apenas como presentes ou não. A análise foi descritiva e estatística, com nível de significância de 5%. RESULTADOS: A frequência da dermatoceratoconjuntivite atópica foi de 76,9% entre os 52 pacientes com dermatite atópica, dos quais 26,7% com conjuntivite atópica e 50,2% com blefarite atópica. No grupo de dermatite atópica encontramos maior número de pacientes do sexo feminino e no grupo conjuntivite atópica maior número de pacientes do sexo masculino. A idade foi praticamente igual nos grupos estudados. Os sintomas mais frequentes foram olho vermelho e prurido, principalmente no grupo de conjuntivite atópica. Este último foi o sintoma com escore mais intenso e presentes em todos os pacientes do grupo conjuntivite atópica. Papilas e blefarite foram os sinais mais encontrados. O tempo de ruptura do filme lacrimal encontrava-se alterado na maioria dos pacientes. CONCLUSÕES: A frequência de dermatoceratoconjuntivite atópica foi de 76,9% nos pacientes com dermatite atópica. O prurido foi o sintoma mais frequente, seguido por olhos vermelhos, mais relacionados ao grupo de conjuntivite atópica. A blefarite e as papilas foram os sinais mais encontrados, também no grupo de conjuntivite atópica. Devido ao crescimento da prevalência da dermatite atópica na população infantil, seria prudente realizar a avaliação oftalmológica de rotina desses pacientes, visto que nenhum dos pacientes de nosso estudo estavam em acompanhamento oftalmológico prévio. Resumo em inglês PURPOSE: To evaluate the frequency of atopic keratoconjunctivitis, its symptoms and changes in patients of Pediatric Dermatology Service of "Santa Casa de Misericordia de São Paulo" Hospital with a previous diagnosis of atopic dermatitis. METHODS: Fifty-two patients with atopic dermatitis under 16 years old (mean age 8.9 ± 4.1 between 2 and 16 years old) were evaluated through a protocol of questions and assessment of signs and symptoms. The signs and symptoms were grad (mais) ed from 0 (absent) to 4 (highest intensity), and in some cases only as present or not. The analysis was descriptive and statistical, with a 5% significance level. RESULTS: The frequency of atopic keratoconjunctivitis was 76.9% among the 52 patients with atopic dermatitis, including atopic conjunctivitis (26.7%) and atopic blepharitis (50.2%). Atopic dermatitis is more frequent in female patients and atopic conjunctivitis in male. Age was practically the same in both groups. The most frequent symptoms were red eye and itching, especially in the atopic conjunctivitis group. Itching was the most intense symptom and was present in all patients of the atopic conjunctivitis group. Blepharitis and papillae were the most common signs. Other signs were less frequent. The tear break-up time was changed in most patients. CONCLUSIONS: The prevalence of atopic keratoconjunctivitis was 76.9% in patients with atopic dermatitis. Itching was the most frequent symptom, followed by red eye, in patients with atopic conjunctivitis. Blepharitis and papillae were the most frequent signs in patients with atopic conjunctivitis. Due to the increasing prevalence of atopic dermatitis in children, it would be prudent to perform a routine ophthalmologic evaluation of these patients. From the patients evaluated in this study, none had been previously monitored with ophthalmological exams.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

18

Perfil clínico-epidemiológico de pacientes do Ambulatório de Alergia Ocular da Santa Casa de São Paulo/ Clinical and epidemiological profile of patients diagnosed and treated at the Ocular Allergy Sector at Santa Casa de São Paulo

Goulart, Denise Atique; Goulart, Dario Grechi; Cypel, Marcela Colussi; Dantas, Paulo Elias Correa; Nishiwaki-Dantas, Maria Cristina
2003-10-01

Resumo em português OBJETIVO: Traçar o perfil do paciente portador de alergia ocular baseado nos seus dados epidemiológicos, na sua resposta ao tratamento e nas complicações de sua doença. MÉTODOS: Foram analisados 172 prontuários dos pacientes com diagnóstico de ceratoconjuntivite alérgica primaveril (CCP), atópica (CCA), sazonal (CAS) e perene (CAP) e que tiveram seguimento mínimo de 6 meses no Ambulatório de Alergia Ocular do Departamento de Oftalmologia da Santa Casa de São (mais) Paulo. A análise estatística foi feita pelo método da variância e qui-quadrado. RESULTADOS: A alergia ocular mais freqüente foi a CCP (n=95; 55,2%); com predominância do sexo masculino (n=117; 68,1%). A idade média foi 11,7 anos (± 8,7 anos). Também foi a doença que mais acometeu a visão, sendo que 52,7% tiveram AV = 1,0; dos pacientes com ceratoconjuntivite atópica, 54,4% tinham AV=1,0, daqueles com conjuntivite alérgica sazonal, 75% e daqueles com conjuntivite alér-gica perene, 100% tinham AV=1,0. 96,8% dos portadores de ceratoconjuntivite alérgica primaveril apresentaram maior freqüência das crises no calor, e 91,4% dos portadores de ceratoconjuntivite alérgica atópica no frio. As alterações corneais foram mais freqüentes nos pacientes com ceratoconjuntivite alérgica primaveril, com ceratite presente em 57 pacientes (60,0%). Entre as medicações usadas, 21,6% (n=45) precisaram de corticosteróides, sendo que 36,8% destes pacientes portavam conjuntivite alérgica perene (n=35). O cromoglicato dissódico foi, dentre as demais medicações, a que em mais pacientes pareceu controlar os sintomas, com algum sucesso, em todas as formas de alergia ocular. A ressecção de papilas gigantes com transplante autólogo de conjuntiva foi feita em oito pacientes, sendo sete deles portadores de ceratoconjuntivite alérgica primaveril e um de ceratoconjuntivite alérgica atópica. CONCLUSÕES: Ceratoconjuntivite alérgica primaveril é o tipo de conjuntivite alérgica mais freqüente em nosso serviço. A droga mais eficaz na nossa experiência parece ser o cromoglicato dissódico, sendo que os corticosteróides são potentes agentes antiinflamatórios que, nestes pacientes, muitas vezes são as únicas drogas capazes de fazer cessar as crises. Resumo em inglês PURPOSE: To establish a profile of the allergic patient based on clinical manifestations, epidemiological data, treatment response and complications of ocular allergy. METHODS: A retrospective and descriptive study, in which we analyzed data of 172 patients suffering from perennial conjunctivitis, seasonal conjunctivitis, atopic keratoconjunctivitis and vernal keratoconjunctivitis, with at least 6 months of follow-up. The study was performed at the Ocular Allergy Sector o (mais) f the "Santa Casa de São Paulo". Statistical analysis was performed using variance method and qui-square test. RESULTS: The most frequent form of ocular allergy was vernal keratoconjunctivitis (n=95; 55.2%) and the male sex was predominant (n=117; 68.1%). Mean age was 111.7 years (± 8.7). Vernal keratoconjunctivitis was the disease that most impaired vision, also responsible for corneal complications in 60% of the patients (n=57). Among medications, corticosteroids were used by 21.6% (n=45) of patients and 36.8% of them had vernal keratoconjunctivitis. Disodium cromoglycate was not only the most used medication, but able to successfully control symptoms in most cases. Papilla resection with autologous transplantation had to be performed in 8 patients. CONCLUSIONS: Vernal keratoconjunctivitis showed to be the most frequent form of ocular allergy in our service. The most efficient drug in our experience seemed to be disodium cromoglycate. Corticosteroids were shown to be as potent anti-inflammatory drugs and sometimes were the only way to discontinue crises.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

19

Microbiota conjuntival em pacientes com alergia ocular/ Conjunctival microbiota in patients with ocular allergy

Libório, Alexandre Mattoso; Nishiwaki-Dantas, Maria Cristina; Mimica, Lycia Mara Jenne; Dantas, Paulo Elias Correa; Lima, Ana Luísa Höfling
2005-12-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar a presença de microbiota aeróbia da conjuntiva de portadores de alergia ocular e comparar a um grupo controle. MÉTODOS: Foram examinados 133 pacientes no período de abril a junho de 2001 divididos em 2 grupos. O grupo A foi composto de 63 portadores de conjuntivite alérgica (sem uso de medicação) e o grupo B de 70 pacientes do ambulatório geral (controle). Foram coletadas amostras do fundo de saco conjuntival do olho direito de todos os pacientes (mais) e o material foi semeado em meios sólidos de cultura (ágar sangue, chocolate e Sabouraud). RESULTADOS: No grupo A, 30 culturas (47,7%) foram positivas e no grupo B, 6 (8,6%). Sete bactérias foram isoladas no grupo A e 4 no B. A análise estatística revelou associação significante entre a positividade dos cultivos e conjuntivite alérgica. CONCLUSÃO: Microbiota bacteriana foi mais freqüentemente encontrada nos pacientes com alergia ocular. Resumo em inglês PURPOSE: To evaluate de presence of conjunctival aerobic microbiota in patients with ocular allergy as compared to a control group. METHODS: One hundred and thirty-three patients were evaluated from April to June 2001 and divided into 2 groups. Sixty-three patients with allergic conjunctivitis (without medication) were in group A and 70 patients from the general outpatient clinic were in group B (control group). Samples from the conjunctival sac of the right eye were coll (mais) ected and cultured in solid media (blood, chocolate and Sabouraud agar). RESULTS: In group A, 30 cultures (47.7%) were positive and 6 (8.6%) in group B. Seven bacteria were isolated from group A and 4 from group B. Statistical analysis revealed significant association between positive cultures and allergic conjunctivitis. CONCLUSION: Bacterial microbiota was more frequently found in patients with ocular allergy.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

20

Caso para diagnóstico/ Case for diagnosis

Daldon, Patricia Erica Christofoletti; Pascini, Mirella; Correa, Mariane
2010-10-01

Resumo em português Paciente do sexo masculino, negro, 13 anos, apresenta há dois anos lesões pruriginosas, pápulonodulares nos antebraços, associadas a edema do lábio inferior, fotofobia, conjuntivite e pterígio. O exame histopatológico do lábio inferior revelou acantose, espongiose e infiltrado inflamatório perivascular superficial, composto por linfócitos, plasmócitos e eosinófilos, compatível com o diagnóstico de prurigo actínico. As lesões regrediram com o uso de talidomida 100 mg/dia. Resumo em inglês A 13-year-old black boy had pruritic papular and nodular lesions on his forearms associated to edema of the lower lip, photophobia, conjunctivitis and pterygium. Skin biopsy of the lower lip revealed acanthosis, spongiosis with dermal perivascular mononuclear cell infiltration composed by lymphocytes, plasma cells and eosinophils consistent with actinic prurigo. Lesions improved considerably with the use of thalidomide 100mg/ day.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

21

Estudo epidemiológico da febre purpúrica brasileira: epidemia em localidade do Estado de São Paulo (Brasil), 1986/ Brazilian purpuric fever: an epidemiological study of an outbreak in the locality of the S. Paulo State, Brazil, in 1986

Kerr-Pontes, Ligia R.S.; Ruffino-Netto, Antonio
1991-10-01

Resumo em português Estudou-se um surto de febre purpúrica brasileira ocorrido em Serrana, SP (Brasil) em 1986 e sua associação com conjuntivite purulenta, aglomeração e sintomas respiratórios. Foi adotado o modelo de estudo, caso-controle. Chamou-se caso confirmado o paciente que satisfizesse um conjunto de critérios tendo "score" maior ou igual a 12 pontos, e caso suspeito "score" entre 8 e 12 (o "score" foi efetuado usando-se o seguinte critério: ocorrência de febre, igual a 5 po (mais) ntos; diarréia e/ou vômitos igual a 1; fenômenos hemorrágicos igual a 3; plaquetopenia e/ou leucopenia igual a 3; hemocultura e/ou líquor e/ou cultura de orofaringe positiva para Haemophylus aegyptius igual a 7; síndrome de Waterhouse Friedrichsen igual a 7). Tomou-se como controle crianças com "score" menor do que 5. O controle foi pareado com o caso segundo as variáveis idade, sexo e condição sócio-econômica. Levantaram-se informações sobre 14 casos confirmados, 38 suspeitos e 78 controles. Concluiu-se que a febre purpúrica brasileira apresentou forte associação com conjuntivite purulenta pregressa e/ou atual; parece haver associação entre aglomeração e febre purpúrica e que os sintomas respiratórios como tosse e/ou coriza não estão a ela associados, pelo menos na população estudada. Resumo em inglês A case control model was used in the study of an outbreak of Brazilian purpuric fever BPF which occurred in Serrana, S. Paulo State, Brazil, in 1986. Three hypotheses were raised: 1 - purulent conjunctivitis is associated with BPF; 2 - a cluster effect accurs in BPF; 3 - respiratory symptoms may be a variation of the clinical picture of the disease. Numerical values were attributed to different findings, as follows: fever = 5; diarrhea and/or vomiting = 1; haemorrhagic fi (mais) ndings = 3; thrombocytopenia and/or leukopenia = 3; Haemophilus aegyptius positive hemoculture and/or Haemophilus aegyptius positive cerebrospinal fluid culture and/or H. a. oropharynx culture = 7; Waterhouse Friedrichsen syndrome = 7. Those cases for which the sum total of points reached or exceeded 13 were considered as confirmed and those obtaining between 8 and 12 were considered as suspect. Children with a score below 5 were taken as control cases. Cases and controls were matched according to sex, age and socioeconomic level. The total groups studied included 14 confirmed cases, 38 suspect cases and 78 controls. It was concluded that purpuric fever is strongly associated with previous and/or present purulent conjunctivities; a cluster effect seems to occur; respiratory symptoms such as coughing and/or coryza were not associated with BPF.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

22

Estudo epidemiológico da febre purpúrica brasileira: epidemia em localidade do Estado de São Paulo (Brasil), 1986/ Brazilian purpuric fever: an epidemiological study of an outbreak in the locality of the S. Paulo State, Brazil, in 1986

Kerr-Pontes, Ligia R.S.; Ruffino-Netto, Antonio
1991-10-01

Resumo em português Estudou-se um surto de febre purpúrica brasileira ocorrido em Serrana, SP (Brasil) em 1986 e sua associação com conjuntivite purulenta, aglomeração e sintomas respiratórios. Foi adotado o modelo de estudo, caso-controle. Chamou-se caso confirmado o paciente que satisfizesse um conjunto de critérios tendo "score" maior ou igual a 12 pontos, e caso suspeito "score" entre 8 e 12 (o "score" foi efetuado usando-se o seguinte critério: ocorrência de febre, igual a 5 po (mais) ntos; diarréia e/ou vômitos igual a 1; fenômenos hemorrágicos igual a 3; plaquetopenia e/ou leucopenia igual a 3; hemocultura e/ou líquor e/ou cultura de orofaringe positiva para Haemophylus aegyptius igual a 7; síndrome de Waterhouse Friedrichsen igual a 7). Tomou-se como controle crianças com "score" menor do que 5. O controle foi pareado com o caso segundo as variáveis idade, sexo e condição sócio-econômica. Levantaram-se informações sobre 14 casos confirmados, 38 suspeitos e 78 controles. Concluiu-se que a febre purpúrica brasileira apresentou forte associação com conjuntivite purulenta pregressa e/ou atual; parece haver associação entre aglomeração e febre purpúrica e que os sintomas respiratórios como tosse e/ou coriza não estão a ela associados, pelo menos na população estudada. Resumo em inglês A case control model was used in the study of an outbreak of Brazilian purpuric fever BPF which occurred in Serrana, S. Paulo State, Brazil, in 1986. Three hypotheses were raised: 1 - purulent conjunctivitis is associated with BPF; 2 - a cluster effect accurs in BPF; 3 - respiratory symptoms may be a variation of the clinical picture of the disease. Numerical values were attributed to different findings, as follows: fever = 5; diarrhea and/or vomiting = 1; haemorrhagic fi (mais) ndings = 3; thrombocytopenia and/or leukopenia = 3; Haemophilus aegyptius positive hemoculture and/or Haemophilus aegyptius positive cerebrospinal fluid culture and/or H. a. oropharynx culture = 7; Waterhouse Friedrichsen syndrome = 7. Those cases for which the sum total of points reached or exceeded 13 were considered as confirmed and those obtaining between 8 and 12 were considered as suspect. Children with a score below 5 were taken as control cases. Cases and controls were matched according to sex, age and socioeconomic level. The total groups studied included 14 confirmed cases, 38 suspect cases and 78 controls. It was concluded that purpuric fever is strongly associated with previous and/or present purulent conjunctivities; a cluster effect seems to occur; respiratory symptoms such as coughing and/or coryza were not associated with BPF.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

23

Canaliculite: relato de casos e conduta/ Canaliculitis: case report and management

Benchimol, Mirelle Langier; Couto Junior, Abelardo de Souza; Pereira, Claudio Figueiredo Araújo; Melo, Alcir Carvalho de; Barbosa, Rafael Siqueira
2002-08-01

Resumo em português Objetivo: Descrever 5 casos clínicos com o diagnóstico de canaliculite, enfatizando a importância do diagnóstico como uma das causas de conjuntivite e/ou blefarite crônicas, como também demonstrar a eficácia do tratamento cirúrgico nos pacientes estudados. Métodos: Descrição de 5 casos clínicos e do tratamento cirúrgico aplicado. Resultados: O gram foi sugestivo de Actinomyces israelli e as culturas foram negativas. O tratamento cirúrgico proposto mostrou-se (mais) eficaz. Conclusão: A canaliculotomia com preservação do ponto lacrimal nos pacientes portadores de canaliculite mostrou-se eficaz. Resumo em inglês Purpose: To describe 5 cases with the diagnosis of canalicu-litis, emphatising the diagnosis of canaliculitis as an important cause of chronic conjunctivitis and blepharitis and also to demonstrate the efficacy of the surgical treatment in these patients. Methods: Surgical management of 5 cases with diagnosis of canaliculitis. Results: The gram results were suggestive of Actinomyces israelli and the culture results were negative. The surgical treatment was shown efficacious. Conclusions: The surgical treatment proposed was shown efficacious.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

24

Avaliação da resposta terapêutica nas alergias oculares por meio da citologia esfoliativa/ Evaluation of the therapeutic response in ocular allergies through exfoliative cytology

Bezerra, Haroldo de Lucena; Rizzo, Luiz Vicente; Yu, Maria Cecília Zorat; Freitas, Denise de
2003-10-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar a resposta terapêutica das alergias oculares por meio da citologia esfoliativa de material obtido de raspado conjuntival. MÉTODO: Foi realizada citologia esfoliativa conjuntival mediante estudo prospectivo em quarenta e seis olhos de vinte e três pacientes com conjuntivite alérgica. Foram realizadas três colheitas: (1) na fase aguda (pré-tratamento), (2) após uso de corticosteróides (tratamento A) e (3) após uso de estabilizador de membrana de m (mais) astócitos (tratamento B), e que foram submetidas à coloração pelo método de Giemsa. RESULTADOS: Dos vinte e três pacientes, cinco (21,7%) eram do sexo feminino e dezoito (78,3%) do sexo masculino, com média de 10,8 anos. Dezoito (78,3%) apresentaram conjuntivite primaveril e cinco (21,7%) ceratoconjuntivite atópica. Após análise estatística da citologia conjuntival, o número de células epiteliais degeneradas foi maior para os dois grupos de tratamento em relação à citologia pré-tratamento. A contagem de neutrófilos foi estatisticamente menor no grupo de tratamento A em relação ao tratamento B e pré-tratamento. Quanto aos eosinófilos, os dois tratamentos apresentaram distribuição percentual estatisticamente menor do que o pré-tratamento. O número de monócitos foi estatisticamente menor após o tratamento A do que o grupo B e o pré-tratamento. CONCLUSÃO: A citologia esfoliativa conjuntival mostrou-se um teste apropriado para avaliar a resposta terapêutica nas alergias oculares. Resumo em inglês PURPOSE: To evaluate the therapeutic response of ocular allergies through exfoliative cytology of conjunctival scrappings. METHOD: Conjunctival exfoliative cytology was performed through a prospective study in forty six eyes of twenty-three patients with clinical diagnosis of allergic conjunctivitis. Three scrappings were performed: (1) in the pre-treatment period, (2) after use of corticosteroids (treatment A) and (3) after use of mast cell stabilizer (treatment B); in t (mais) wo types of smears, with and without albumin. The smears were stained with Giemsa. RESULTS: Of the twenty-three patients, five (21.7%) were female and eighteen (78.3%) male, with an average of 10.8 years. Eighteen (78.3%) presented vernal conjunctivitis and five (21.7%) atopic keratoconjunctivitis. After statistical analysis of the conjunctival cytology, the number of degenerate epithelial cells was higher in the two treatment groups in relation to the pre-treatment period. The number of neutrophils was smaller in the A treatment group than in the B treatment and pre-treatment groups. Regarding the number of eosinophils, the two treatments presented a lower percentile distribution than that of the pre-treatment period. The number of monocytes was smaller after the A treatment than the B group and the pre-treatment period. CONCLUSION: Exfoliative conjunctival cytology is an appropriate test to evaluate the therapeutic response in ocular allergies.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

25

Policondrite recidivante na infância: relato de caso e revisão da literatura/ Relapsing polychandritis in the childhood: case report and literature review

Cavalcanti, André; Barbosa, Cássia Maria P. L.; Len, Claudio Arnaldo; Terreri, Maria Teresa R. A.; Hilário, Maria Odete E.
2007-06-01

Resumo em português A policondrite recidivante é uma doença rara caracterizada por episódios recorrentes de inflamação das cartilagens articular, auricular, nasal e laringotraqueal de intensidade variável. O diagnóstico diferencial inclui as doenças difusas do tecido conjuntivo, as vasculites e as síndromes febris periódicas na infância. Relatamos o caso de um adolescente de 11 anos com artrite de joelhos, conjuntivite aguda, acometimento de orelha, nariz e vias aéreas superiores (mais) cuja doença foi controlada com o uso de corticosteróides e imunossupressores. Os achados clínicos e laboratoriais são discutidos e comparados com os dados da literatura. Resumo em inglês Relapsing polychondritis is a rare disease characterized by recurrent episodes of inflammation of the articular, auricular, nasal and laryngotracheal cartilages of variable intensity. Differential diagnosis includes connective tissue diseases, vasculitis and periodic febrile syndromes of childhood. We report a case of 11 year-old boy with knee arthritis, acute conjunctivitis, ear, nose and upper airway cartilage involvement whose disease was controlled with the use of cor (mais) ticosteroids and immunosuppressive drugs. The clinical and laboratory findings were discussed and compared with case reports from literature.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

26

Síndrome de Muckle-Wells em quatro membros de uma família/ Four cases of Muckle-Wells syndrome within the same family

Pereira, Ana Francisca Junqueira Ribeiro; Pereira, Luciana Baptista; Vale, Everton Carlos Siviero do; Tanure, Leandro Augusto
2010-12-01

Resumo em português A síndrome de Muckle-Wells é doença autossômica dominante rara, incluída no grupo das síndromes febris hereditárias. Caracteriza-se por episódios recorrentes e autolimitados de febre, urticária, artralgia, mialgia e conjuntivite, desde a infância, relacionados com a exposição ao frio. Mais tardiamente, há perda auditiva neurossensorial progressiva. Amiloidose, a principal complicação, desenvolve-se em cerca de 25% dos casos. Associa-se a mutações no gene (mais) NLRP3 (antes CIAS1) que codifica a criopirina, proteína reguladora da produção de citocinas pró-inflamatórias, como a interleucina-1beta. Relata-se a ocorrência dessa doença incomum em quatro membros de uma única família. Resumo em inglês Muckle-Wells syndrome is a rare autosomal dominant disease that belongs to a group of hereditary febrile syndromes. It is characterized by recurrent and self-limited episodes of fever, urticaria, arthralgia, myalgia and conjunctivitis since childhood, which are related to exposure to cold temperatures. Lately, progressive sensorineural hearing loss occurs. Amyloidosis is the main complication and can be found in about 25% of the cases. It has been demonstrated that there (mais) is an association with mutations in the NLRP3 gene, which codifies cryopyrin, a protein responsible for regulating the production of proinflammatory cytokines, such as interleukin-1Beta. The authors report four cases of the disease within a family.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

27

Avaliação ambiental e epidemiológica do trabalhador da indústria de fertilizantes de Rio Grande, RS/ Environmental and epidemiological evaluation of workers of the fertilizer industry of Rio Grande, RS

HÜTTNER, MAURA DUMONT; MOREIRA, JOSÉ DA SILVA
2000-09-01

Resumo em português As doenças pulmonares ocupacionais constituem um importante e grave problema de saúde pública. Com o objetivo de contribuir para o conhecimento dos riscos da exposição associada à produção de fertilizantes, realizou-se estudo ambiental e epidemiológico, transversal, com trabalhadores desse setor, em Rio Grande, RS. Foi aplicado questionário da ATS-DLD-78, realizado estudo da função pulmonar através de espirometria e radiografia torácica em 413 funcionários, (mais) sendo 305 expostos e 108 não expostos. Os trabalhadores expostos eram todos do sexo masculino, 74,1% com escolaridade primária completa ou incompleta, com média de idade de 38 anos (± 7,6) e tempo médio de exposição de 11,8 anos (± 6,7). Quanto ao tabagismo, 126 (41,3%) eram fumantes, 76 (24,9%) ex-fumantes e 103 (33,8%) não fumantes. Os trabalhadores expostos foram divididos em quatro setores de trabalho em função dos riscos específicos de sua exposição ocupacional. A avaliação ambiental mostrou a presença de sílica livre, fluoretos e amônia gasosos, em concentrações acima dos limites de tolerância. Detectaram-se 30,5% de trabalhadores expostos com tosse, 14,7% com tosse crônica, 8,5% com bronquite crônica, 43,3% com rinite e 35,4% com conjuntivite. Após o ajuste para tabagismo, através de análise multivariada, manteve-se a significância para a tosse como um todo, para rinite e conjuntivite. Nos indivíduos expostos não foram encontradas alterações radiográficas compatíveis com pneumoconiose e a maioria deles apresentou provas de função pulmonar normais, não diferentes dos controles Resumo em inglês Occupational lung diseases represent an important and serious public health problem. In order to contribute to the knowledge of the risks associated with the exposure to fertilizer production an environmental and epidemiological cross-sectional study was performed among workers of this industry in Rio Grande, RS, Brazil. The ATS-DLD-78 questionnaire was applied, a thoracic radiological study was carried out, and the pulmonary function testing was evaluated through spirome (mais) try in 413 employees, 305 being the exposed group and 108 the non-exposed group. The exposed workers were all men, 74.1% had attended elementary school (at least some years), mean age was 38 (± 7.6) and mean time of exposure was 11.8 years (± 6.7). As to cigarette smoking, 126 (41.3%) were smokers, 76 (24.9%) former smokers, and 103 (33.8%) non-smokers. The exposed group was divided into four work sections according to the specific risks of their occupational exposure. The environmental evaluation showed the presence of free silica, gaseous fluorides, and gaseous ammonia in concentrations above the tolerance limits. Results of the exposed workers were: 30.5% of them answered positively to cough, 14.7% to chronic cough, 8.5% to chronic bronchitis, 43.3% to rhinitis, and 35.4% to conjunctivitis. The multivariate analysis, after adjustment for smoking, showed statistically significant association between exposure and cough as a whole, rhinitis and conjunctivitis. The thoracic radiological studies did not point to any considerable abnormality of pneumoconiosis in the exposed workers. Most of them presented normal pulmonary function testing, not different from the controls.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

28

Síndrome oculoglandular de Parinaud causada por esporotricose/ Parinaud's oculoglandular syndrome caused by Sporotrichosis

Ribeiro, Alexandre Sampaio de Abreu; Bisol, Tiago; Menezes, Marcela Sant'Ana
2010-10-01

Resumo em português A síndrome oculoglandular de Parinaud é uma doença ocular rara causada por diferentes agentes etiológicos, entre eles bactérias, vírus e fungos. É caracterizada por uma conjuntivite granulomatosa, acompanhada de linfadenopatia pré-auricular adjacente e pode trazer sequelas caso não seja prontamente tratada. Neste artigo é relatado o caso de uma jovem técnica de enfermagem e estudante de medicina veterinária apresentando a síndrome oculoglandular de Parinaud c (mais) ausada pelo fungo Sporothrix schenkii após contaminação com gatos infectados. Sua apresentação clínica e evolução desfavorável até o correto diagnóstico etiológico e instituição do tratamento específico, ressaltam a importância da investigação laboratorial em casos de evolução atípica da doença. Resumo em inglês Parinaud's oculoglandular syndrome is a rare eye disease caused by different pathogens, including bacteria, viruses and fungi. It is characterized by a granulomatous conjunctivitis with adjacent preauricular lympha-denopathy and can cause sequelae if not promptly treated. We report a case of a young nurse assistant and veterinary student showing Parinaud's oculoglandular syndrome caused by the fungus Sporothrix schenkii after contamination with infected cats. Its clinical (mais) presentation and negative outcome until the correct ethiological diagnosis, in addition to specific treatment, emphasize the importance of laboratory investigations in cases of atypical development of the disease.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

29

Febre purpúrica brasileira: caracterização rápida das cepas invasoras de Haemophilus aegyptius/ Brazilian purpuric fever: fast characterization of invasive Haemophilus aegyptius

Brandileone, M.C.C.; Vieira, V.S.D.; Tondella, M.L.C.; Sacchi, C.T.; Landgraf, I.M.; Zanella, R.C.; Bibb, W.F.; Irino, K.
1989-08-01

Resumo em português Cepas de H. aegyptius isoladas em surtos de Febre Purpúrica Brasileira (FPB) no Brasil, foram caracterizadas pelo método de aglutinação em lâmina utilizando um anti-soro produzido com cepa de H. aegyptius isolada de cultura de sangue de paciente com FPB. Através desse método foi possível identificar cepas de H. aegyptius responsáveis por surtos de conjuntivite com características antigênicas iguais às cepas isoladas de FPB. A sensibilidade e especificidade da (mais) soroaglutinação em lâmina foi de 97,7% e 89,6% respectivamente, podendo ser utilizado como método de triagem em estudos de conjuntivites purulentas, para detectar cepas invasivas de H. aegyptius associadas a FPB, possibilitando assim a implantação de medidas que ampliem a eficiência na prevenção e na vigilância epidemiológica da doença. Resumo em inglês Strains of H. aegyptius isolated during outbreak of Brazilian Purpuric Fever (BPF) in Brazil were characterized antigenically by slide agglutination test utilizing antiserum produced with a H. aegyptius strain isolated from blood culture from a patient with BPF. By means of this method, it were identified H. aegyptius strains responsible for outbreaks of conjunctivitis with identical antigenic characteristics to strains isolated from BPF. The sensitivity and specificity o (mais) f slide seroagglutination test was 97.7% and 89.6% respectively; therefore this assay was efficient to be used as a screening method in the studies of purulent conjunctivitis for detecting high risk populations for BPF, and to implement measures that will increase the efficiency of epidemiologic surveillance.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

30

Surto de varíola murina em camundongos suíços em biotério: Relato de caso/ An outbreak of mousepox in swiss mice in a laboratory animal facility: Case report

Diniz, S.; Trindade, G.S.; Fonseca, F.G.; Kroon, E.G.
2001-04-01

Resumo em português Duzentos camundongos suíços foram alojados em um biotério com instalações e condições de manejo adequadas para uma criação de animais convencionais sadios. Após 14 dias de alojamento, dois animais tiveram morte súbita, e em 74 animais (37%) foram observados sintomas clínicos como edema da face e das patas. Uma semana após foram observadas lesões generalizadas na pele ou somente no dorso, na face, no focinho e nas patas, nódulos na cauda, e em cinco animais (mais) conjuntivite. A necropsia de 10 camundongos indicou alterações como hepatomegalia, esplenomegalia e hiperplasia dos gânglios. Amostras do fígado, baço e de lesões da cauda foram inoculadas em membrana corioalantóide (MCA) de ovos embrionados de galinha. Após 72 horas foram detectadas lesões necróticas típicas denominadas "pocks". As MCAs foram maceradas e inoculadas em culturas de células Vero e detectado efeito citopático após 72 horas. O diagnóstico da varíola murina foi baseado nos sinais clínicos, lesões, cultivo e na identificação do vírus. Resumo em inglês Two hundred Swiss mice were housed following the requirements to produce healthy laboratory animals. After 14 days two mice had an acute lethal infection and one week later 74 animals (37%) presented multiple skin lesions some of them associated with conjunctivitis. Necropsy of 10 mice with clinical signs (swelling of feet and facial area) revealed alterations in the spleen, liver and lymphonodes. Samples of hepatic and splenic tissues and of tail lesions were inoculated (mais) on chorioallantoic membrane (MCA) of embrionated chicken eggs and pocks lesions were detected. The MCAs were grinded and inoculated in Vero cell cultures and the cytophatic effect was detected after 72 hours. Diagnosis of mousepox was based on clinical signs, lesions and virus isolation and identification.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

31

Uso do 5-fluorouracil no intra-operatório da cirurgia do pterígio/ Intra-operative use of 5-fluorouracil in pterygium surgery

Schellini, Silvana A.; Shiratori, Cesar N.; Spirandelli, Paulo H.; Shiratori, Claudia A.; Padovani, Carlos Roberto
2000-04-01

Resumo em português Objetivo: Avaliar a efetividade e as complicações com a aplicação do 5- fluorouracil (5-FLU) no intra-operatório da cirurgia do pterígio. Método: Foram avaliados 28 olhos de 26 indivíduos quanto ao tipo e tamanho do pterígio, cirurgias prévias e a resposta ao tratamento cirúrgico (no 7º , 21º , 60º e 90º dia de pós-operatório). Logo após a exerese do pterígio, aplicou-se 5-FLU (25 mg/ml) no leito cirúrgico, durante cinco minutos; a seguir, realizou-se (mais) a técnica de deslizamento de retalho conjuntival. Resultados: A maioria dos pacientes tinha mais de 50 anos de idade e apresentava pterígio primário (70,0%), grau II (60,7%), do tipo involutivo (60,7%). No pós-operatório observaram-se: isquemia (10,7%), deiscência da conjuntiva (7,1%), ceratite (3,5%), conjuntivite (3,5%) e recidiva da lesão em 1 olho (3,5%).Conclusão: O 5-FLU se mostrou droga segura e efetiva na prevenção das recidivas, podendo ser usado como coadjuvante no tratamento do pterígio para prevenir recidivas. Resumo em inglês Purpose: To evaluate the effectiveness and the complications on intraoperative application of 5-fluorouracil (5FLU) in pterygium surgery. Method: We studied 28 eyes of 26 patients with pterygium, evaluating the type and size of the pterygium, previous surgeries and the response to surgical treatment (on the 7th, 21st, 60th, 90th postoperative day). The application of 5-FLU (25 mg/ml) was done soon after resection, for five minutes, followed by the sliding flap technique.R (mais) esults: Most of the patients were more than 50 years old, presented with primary (70.0%), degree II (60.7%), involu-tionary type (60.7%) pterygium. After surgery ischemic area (10.7%), conjunctival deiscence (7.1%), keratitis (3.5%), conjunctivitis (3.5%) and lesion relapse (3.5%) were observed.Conclusion: 5-FLU is a safe and effective drug and could be of help in the treatment of pterygium to prevent relapse.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

32

Dermatite epidêmica por Paederus irritans em Piura, Perú, 1999, relacionada ao fenômeno El Niño/ Epidemic dermatits by Paederus irritans in Piura, Perú at 1999, related to El Niño phenomenon

Alva-Dávalos, Victor; Laguna-Torres, Victor Alberto; Huamán, A.; Olivos, R.; Chávez, M.; García, C.; Mendoza, N.
2002-02-01

Resumo em português O fenômeno El Niño, que afetou o Perú em 1998, permitiu o crescimento de abundante vegetação em ambientes tradicionalmente secos. Paederus irritans, coleóptero que produz dermatite ao ser esfregado na pele, encontrou aí um substrato muito favorável ao incremento de sua população. A chegada das chuvas nos meses de fevereiro a abril de 1999 interferiu no hábitat desse inseto, que migrou inclusive para áreas urbanas, condicionando maior exposição da população (mais) humana de Piura, no norte do país, ao contato com esse agente. Entre fevereiro e maio de 1999 foram notificados em Piura 1.451 casos da dermatite por Paederus irritans, aí denominada latigazo dado o aspecto característico das lesões, eritematosas, lineares, semelhantes a chicotadas, por ele produzidas na pele por ação da pederina. As áreas do corpo mais afetadas foram a cabeça (56,6%) e o pescoço (30,9%), mas houve casos de conjuntivite e até de lesões genitais devidas à contaminação pelas mãos. Resumo em inglês The phenomen El Niño that affected Peru at 1998, made possible the growth of copious vegetation in traditionally dry places. On this way, Paederus irritans, dipterous of the order Coleoptera that produces dermatitis when croushed on the skin, found substract that allowed the natural growth of its population. The coming of occasional rains on the months of February to April 1999, attacked the habitat of this insect, that looked for urban areas, exposing seriously the gene (mais) ral population of Piura on north Perú to the contact. During February and May 1,451 cases of dermatitis caused by Paederus irritans, called latigazo because of its linear and eritematous characteristic lesions on the skin, were notified at Piura. The more affected body areas were head (56.6%) and neck (30.9%), but there were also cases of conjunctivitis and genital injuries, because of hands contamination.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

33

Alergia látex-fruta/ Latex-fruit allergy

MARIN, Flávia Andréia; PERES, Suely Prieto de Barros Almeida; ZULIANI, Antônio
2002-01-01

Resumo em português O látex está sendo considerado o alergênico do ano 2000, tendo em vista que inúmeros indivíduos, principalmente profissionais da área de saúde e pacientes submetidos a várias intervenções diagnósticas e terapêuticas, estão freqüentemente expostos aos alérgenos do látex, presentes em produtos de borracha natural. As manifestações clínicas conseqüentes às reações alérgicas de hipersensibilidade imediata vão desde rinite, urticária, conjuntivite, an (mais) gioedema, asma, até anafilaxia. Estudos recentes estão demonstrando que pacientes alérgicos ao látex desenvolvem concomitantemente sensibilização a certos alimentos de origem vegetal, especialmente frutas como papaia, figo, banana, abacate, kiwi, pêssego, abacaxi, melão e castanha, acreditando-se numa provável ocorrência de reações cruzadas entre os alérgenos do látex e destas frutas. Faz-se, então, uma revisão sobre a alergia ao látex, em particular sobre os grupos de risco, incluindo a presença de reatividade cruzada entre o látex e as frutas. Resumo em inglês The latex is being considered the allergenic agent of the year 2000, taking into account that several individuals, mainly health care professionals, and patients who had undergone many diagnostic and therapeutic interventions, are frequently exposed to latex allergens, which are present in natural rubber latex products. The clinical manifestations, derived from allergic reactions of immediate hypersensitivity vary from since rhinitis, conjunctivitis, urticaria, angioedema (mais) , asthma, to anaphylaxis. Recent researches are demonstrating that patients allergic to latex develop concomitantly sensitization to certain vegetable foods, especially fruits like papaya, fig, banana, avocado, kiwi, peach, pineapple, melon and chestnut, and a probable occurrence of cross reaction between allergens of latex and of these fruits is believed. A review is made about latex allergy, in particular about risk groups, including the presence of cross-reactivity between latex and fruit.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

34

Observações clínicas e laboratoriais em cães com cinomose nervosa/ Clinical and laboratory findings in dogs with distemper encephalomyelitis

Tudury, Eduardo Alberto; Arias, Mônica Vicky Bahr; Bracarense, Ana Paula Frederico Loureiro; Megid, Jane; Dias Júnior, Rubens Ferreira
1997-06-01

Resumo em português Em 81 cães com sinais clínicos, lesões histológicas e corpúsculos de inclusão no sistema nervoso central característicos de cinomose nervosa foi constatada ocorrência freqüente de: alteração das reações posturais (87,65%), diminuição da secreção lacrimal (83,95%), presença de mioclonias (75,30%), paresias (69,12%), conjuntivite (56,79%), corioretinite/ hiperqueratose naso-digital (51,85%), linfopenia (51,85%), anemia (48,05%), principalmente microcítica (mais) hipocrômica, e discretas alterações liquóricas caracterizadas por aumento de proteínas totais (77,33%) e pleocitose linfocítica (50,72%). A presença de corpúsculos de Lenz em tecidos extraneurais oscilou entre 30 e 45 %, com maior freqüência em linfonodos. Enquanto outras anormalidades clínicas, neurológicas e laboratoriais não tiveram freqüência expressiva para dar apoio ao diagnóstico, o incorreto programa de vacinação foi uma constante. Resumo em inglês Eighty-one dogs with clinical signs and histological lesions characteristic of distemper encephalomyelitis were evaluated. Only dogs with Lenz inclusion bodies in the central nervous system were included in the study. High prevalent findings included: changes in postural reactions (87.65%), decreased tear production (83.95%), myoclonus (75.30%), paresis (69.12%), conjunctivitis (56.79%), chorioretinitis/digital and nasal hyperkeratosis (51.85%). Anemia (48.05%), lymphopen (mais) ia (51.95%), and mild changes in the cerebrospinal fluid characterized by increase in total protein (77.33%) and lymphocytic pleocytosis (50.72%) were common laboratorial findings. Presence of Lenz inclusions bodies in tissues other than nervous system varied from 30 to 45%, with a higher frequence in the limph nodes. Other abnormalities in physical, neurological and laboratorial examinations were not helpful in establishing the diagnosis. Most animals examined were not properly vaccinated.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

35

Doença de Kawasaki/ Kawasaki disease

Castro, Patrícia Aparecida de; Urbano, Lílian Mendes Ferreira; Costa, Izelda Maria Carvalho
2009-08-01

Resumo em português A doença de Kawasaki é vasculite sistêmica e aguda de etiologia desconhecida. Constitui a principal causa de doença cardíaca adquirida em crianças nos EUA. Ocorre mais frequentemente em meninos, 80% dos casos em crianças com menos de cinco anos, sendo rara após os oito anos. Pode atingir crianças de todas as raças, tendo maior incidência entre os descendentes asiáticos. Caracteriza-se por febre, conjuntivite bilateral não exsudativa, eritema e edema de língu (mais) a, lábios e mucosa oral, alterações de extremidades, linfonodomegalia cervical, exantema polimórfico. Aneurismas e estenoses de artérias coronárias são comuns em percentual que varia de 20 a 25% dos pacientes não tratados, podendo posteriormente levar a infarto agudo do miocárdio e morte súbita. O tratamento com imunoglobulina intravenosa é efetivo e deve ser iniciado precocemente a fim de evitar sequelas cardíacas. O desenvolvimento de testes diagnósticos, terapêuticas mais específicas e a prevenção dessa doença potencialmente fatal em crianças dependem dos contínuos avanços na determinação de sua etiopatogenia. Resumo em inglês Kawasaki disease is a systemic acute vasculitis of unknown etiology. It is the leading cause of acquired heart disease in children in the USA. It occurs more frequently in boys and eighty percent of the cases occur in children under five years of age. The disease rarely occurs after eight years and it can affect children of all races, with higher incidence among Asian descendants. Kawasaki disease is characterized by fever, bilateral non-exudative conjunctivitis, redness (mais) and swelling of the tongue, lips and oral mucosa, abnormalities in the extremities, cervical lymph node, and polymorphic exanthema. Aneurysms and stenoses of coronary arteries occur in pproximately 20 to 25% of untreated patients and subsequently can lead to acute myocardial infarction and sudden death. Treatment with intravenous immunoglobulin is effective and should be initiated early to prevent cardiac sequel. The development of diagnostic tests, more specific treatment approaches and prevention of this potentially fatal disease in children depends on continuous advances in the determination of its pathogenesis.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

36

Isolamento de Haemophiliis aegyptius associado à Febre Purpúrica Brasileira, de cloropídeos (Diptera) dos gêneros Hippelates e Liohippelates/ Isolation of Haemophilus aegyptius associated to Brazilian purpuric fever from Hippelates and Liohippelates flies (Diptera: Chloropidae)

Tondella, M. L. C.; Paganelli, C. H.; Bortolotto, I. M.; Takano, O. A.; Irino, K.; Brandileone, M. C. C.; Mezzacapa Neto, B.; Vieira, V. S. D.; Perkins, B. A.
1994-04-01

Resumo em português O reconhecimento da Febre Purpúrica Brasileira (FPB), em 1984, originou uma série de estudos que revelaram uma correlação desta doença com conjuntivites causadas por Haemophiliis aegyptius. A associação do aumento de conjuntivites em crianças e a maior densidade populacional de cloropídeos do gênero Hippelates já havia sido verificada desde o século passado. Este fenômeno está relacionado ao tropismo que estes insetos apresentam pelos olhos, secreções e fe (mais) ridas de onde se alimentam. Embora haja evidências do papel destes cloropídeos na transmissão mecânica de conjuntivites bacterianas, o isolamento de Haemophilus aegyptius a partir dos mesmos, no seu habitat natural, ainda não havia sido verificado. No presente trabalho obtivemos o isolamento de cepas invasivas de Haemophilus aegyptius, associadas à FPB, de duas coleções de cloropídeos, classificados como Liohippelates peruanus e uma espécie nova, Hippelates neoproboscideus, coletados ao redor dos olhos de crianças com conjuntivite. Resumo em inglês The recognition of the Brazilian purpuric fever (BPF) in 1984 led to a number of studies which showed a relation between this disease and conjunctivitis caused by Haemophilus aegyptius. The increase in cases of conjunctivitis in children associated with higher population density of eye gnats (Chloropidae: Hippelates) has been reported since last century. This phenomenon is related to the attraction that those flies show for the eyes, secretions and wounds, from where they (mais) feed on. Although there are evidences on the role of these flies in the mechanical transmission of seasonal bacterial conjunctivitis, the isolation of Haemophilus aegyptius from them in their natural habitat had not been demonstrated yet. In this study Haemophilus aegyptius associated to BPF was isolated from two pools of chloropids collected around the eyes of children with conjuntivitis which were identified as Liohippelates peruanus (Becker) and a new species Hippelates neoproboscideus.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

37

Segurança da radioiodoterapia em pacientes com carcinoma de tireóide com menos de 21 anos/ Safety of radioiodine therapy in patients with thyroid carcinoma younger than 21 years

Rosário, Pedro Weslley S.; Cardoso, Ludmilla David; Barroso, Álvaro Luís; Padrão, Eduardo L.; Rezende, Leonardo Lamego; Purisch, Saulo
2005-04-01

Resumo em português Avaliamos 20 pacientes com carcinoma diferenciado de tireóide que receberam radioiodoterapia (dose > 100mCi) antes dos 21 anos: 10 sem metástases distantes receberam uma dose média de 145mCi e 10 com acometimento pulmonar difuso, 270mCi. Após um ano ou mais da terapia ablativa, xerostomia estava presente em dois pacientes sem complicações mais sérias, como úlceras orais ou fissuras, e a cintilografia com 99mTcO4- confirmou a disfunção salivar. Um deles apresenta (mais) va ceratoconjutivite seca. O hemograma não revelou anormalidades atribuíveis à radioiodoterapia. FSH foi normal em 18 deles, e os pacientes com valores elevados haviam recebido radioiodo há pouco mais de um ano e, na repetição do exame em 6 meses, houve normalização. Os seis pacientes masculinos tinham LH e testosterona normais. Nossa avaliação não revelou sinais de fibrose pulmonar secundária ao tratamento nos 10 casos com metástases captantes neste órgão. Nossos dados sugerem que a terapia ablativa com dose de 100 a 300mCi é segura em jovens, mas complicações persistentes como disfunção salivar e conjuntivite podem ocorrer. Resumo em inglês We studied 20 patients with differentiated thyroid carcinoma undergoing radioiodine therapy (>100mCi dose) before the age of 21: 10 patients without distant metastases received a mean dose of 145mCi and 10 with lung involvement received 270mCi. One or more years after ablative therapy, xerostomia was present in two patients but was not accompanied by more severe complications such as oral ulcers or fissures, and 99mTcO4- scintigraphy confirmed salivary dysfunction. One pa (mais) tient showed keratoconjunctivitis sicca. Blood counts did not reveal abnormalities caused by radioiodine therapy. FSH was normal in 18 patients. Patients with elevated levels had received radioiodine just over a year ago and repetition of the exam after 6 months showed that FSH had returned to normal. The 6 male patients had normal LH and testosterone levels. Analysis did not reveal signs of pulmonary fibrosis secondary to treatment in the 10 cases with iodine-accumulating metastases in this organ. Our data suggest that ablative therapy employing a dose of 100 to 300mCi is safe in young individuals, but persistent complications such as salivary dysfunction and conjunctivitis may occur.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

38

Tracoma: estudo epidemiológico de escolares em Alagoas - Brasil/ Trachoma: epidemiologic study of scholars from Alagoas State - Brazil

Damasceno, Renato Wendell Ferreira; Santos, Rodrigo Ribeiro; Cavalcanti, Thiago Rodrigues Tavares; Hida, Richard Yudi; Santos, Mário Jorge; Santos, Andréa Maria Cavalcante; Dantas, Paulo Elias Correa
2009-06-01

Resumo em português OBJETIVOS: Definir a taxa de detecção de tracoma em escolares do Estado de Alagoas - Brasil. MÉTODOS: A amostra foi constituída de 6.424 crianças e adolescentes. A avaliação clínica dos escolares foi realizada por graduandos da Faculdade de Medicina sob supervisão de professores do Departamento de Oftalmologia, seguindo os critérios da Organização Mundial de Saúde. A avaliação clínica foi caracterizada por exame dos cílios, das pálpebras, da conjuntiva e (mais) da córnea de ambos os olhos. Os estudantes foram catalogados, anotando-se nome, sexo, idade, diagnóstico da forma clínica e município. Quanto à idade, os escolares foram divididos em três grupos: grupo A (14 anos). RESULTADOS: A taxa de detecção de tracoma foi de 4,5%. Dos 3.280 estudantes do sexo masculino, 161 (4,9%) casos foram considerados confirmados, e dos 3.144 estudantes do sexo feminino, 131 (4,2%) casos foram considerados confirmados. Do total de escolares do grupo A, B e C, respectivamente 175 (5,3%), 113 (8,0%) e 4 (1,6%), foram considerados casos confirmados. CONCLUSÃO: Nesta região, o tracoma parece não ter sido erradicado e, portanto, deve permanecer como diagnóstico diferencial de conjuntivite folicular crônica em crianças e adolescentes advindos dela. Resumo em inglês PURPOSE: To define the detection rate of trachoma in scholars from Alagoas - Brazil. METHODS: The sample included 6,424 children and adolescents. Scholar's clinical evaluation was performed by medical students under the supervision of professors of the Department of Ophthalmology, according to the World Health Organization guidelines. The clinical evaluation was characterized by eyelashes, eyelids, conjunctiva and cornea examination in both eyes. The scholars were catalog (mais) ed and data of name, sex, age, clinical forms diagnosis and city were recorded. Regarding the age, the students were divided into three groups: group A (14 years old). RESULTS: The detection rate of trachoma was 4.5%. From 3,280 male scholars, 161 (4.9%) cases were confirmed; from 3,144 female scholars, 131 (4.2%) cases were considered confirmed. From the total scholars in group A, B and C; respectively 175 (5.3%), 113 (8.0%) and 4 (1.6%) were considered confirmed cases. CONCLUSION: In this region, it seems that trachoma has not been eradicated and, therefore, must remain as a differential diagnosis of chronic follicular conjunctivitis in children and adolescents from this region.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

39

Lentes de contato terapêuticas e as vantagens dos materiais de alto Dk/ Therapeutic contact lenses and the advantages of high Dk materials

Coral-Ghanem, Cleusa; Ghanem, Vinícius Coral; Ghanem, Ramon Coral
2008-12-01

Resumo em português As lentes de contato terapêuticas são úteis para o tratamento de uma série de doenças da superfície ocular. Suas principais finalidades são: reduzir a dor; proteger a córnea; facilitar e manter a cicatrização epitelial; restaurar a câmara anterior e liberar medicamentos na superfície ocular. Há uma variedade de tipos e materiais, sendo que a escolha depende da doença a ser tratada, tempo de uso e necessidades fisiológicas do olho doente. Doenças como a cer (mais) atopatia bolhosa, erosão recorrente do epitélio corneano, olho seco e defeitos epiteliais pós-operatórios, além de várias outras doenças que afetam a superfície ocular podem ser tratadas com a utilização das lentes de contato terapêuticas. Elas não devem ser utilizadas em processos infecciosos ou em pacientes que estão impossibilitados de retornar para acompanhamento regular. A adaptação, controle e manutenção adequados das lentes de contato terapêuticas são fundamentais para prevenir complicações, como: neovascularização corneana, conjuntivite papilar gigante ou ceratite infecciosa. O controle e manutenção foram facilitados com o advento das lentes de contato terapêuticas de silicone-hidrogel. Essas lentes permitem trocas menos freqüentes devido a sua maior oxigenação e, em casos selecionados, aceleram a reepitelização corneana. Resumo em inglês Therapeutic contact lenses are useful in a variety of ocular surface diseases. Their main indications are: to relieve the pain; protect ocular surface; promote corneal healing and epithelial regeneration; seal a leaking corneal wound and deliver ophthalmic drugs on the ocular surface. There are several kinds of lens designs and materials, and their choice is dependent on the specific disease to be treated, the duration of treatment and the physiologic needs of the disease (mais) d cornea. Bullous keratopathy, recurrent epithelial erosion syndrome, dry eye and postoperative epithelial defects are amongst their indications. Therapeutic contact lenses should not be indicated in the presence of active infectious keratitis or when the patient is not compliant. Corneal neovascularization, giant papillary conjunctivitis and infectious keratitis are serious complications, which can be prevented by correctly fitting and maintaining the therapeutic contact lenses. Silicon-hydrogel therapeutic contact lenses, due to their higher oxygen permeability, allow extended wear schedules, decreasing the need for frequent lens replacement.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

40

Miíases humanas por Cochliomyia Hominivorax (Coquerel, 1858) (Diptera, Calliphoridae) em hospitais públicos na cidade do Recife, Pernambuco, Brasil/ Human myiasis by Cochliomyia hominivorax (Coquerel, 1858) (Diptera, Calliphoridae) in Recife, State of Pernambuco, Brazil

Nascimento, Edleuza Maria Ferreira do; Oliveira, Jaqueline Bianque de; Paes, Maria José; Lobo, Andrea de Paula; Silva, Ana Lúcia Andrade da; Santos Júnior, Edivaldo Rosas dos; Leal, Jefferson Luis Figueiredo; Moya-Borja, Gonzalo Efraim
2005-03-01

Resumo em português A ocorrência de miíases humanas causadas pelas larvas de Cochliomyia hominivorax foi registrada pela primeira vez em Recife, Estado de Pernambuco, Brasil. No período de novembro de 1999 a outubro de 2002 foram registrados, em três hospitais da rede pública, 24 casos de miíases em pacientes de ambos os sexos, com idade variando de 08 a 93 anos. As miíases diagnosticadas foram classificadas em cutâneas, orais, anais, auriculares e oculares, sendo os membros inferior (mais) es acometidos com maior freqüência (10/24) (41,7%). Em todos os casos, as miíases se desenvolveram em lesões pré-existentes, resultantes de: escoriações de natureza variada (10/24) (41,7%); lesões de origem não identificada (05/24) (20,8%); doenças do sistema circulatório (03/24) (12,5%); neoplasias (02/24) (8,3%); conjuntivite, otite, dermatite e ferida cirúrgica (01/24) (4,2%). Os fatores predisponentes às míiases foram debilidade física e mental, desidratação, higiene corporal inadequada, diabetes, desnutrição, elefantíase, esquizofrenia, alcoolismo, anemia, infestação por piolhos e, fundamentalmente, feridas acidentais. Resumo em inglês The occurence of human myiasis caused by larvae of Cochliomyia hominivorax was registered for the first time in Recife, State of Pernambuco, Brazil. From November, 1999 to October, 2002 were registered, in three public hospitals 24 cases of myiasis in human beings, of both sexes, with age varying from 08 to 93 years old. The wounds infested with screwworms observed in these patients were classified as cutaneous, oral, anal, aureal and ocular myiasis. The inferior members (mais) were more frequently attacked (10/24) (41.7%) than the other anatomic areas. In all of the cases, the myiasis were established in pre-existent lesions, and the factors that predispose to this disease were: excoriations of varied nature (10/24) (41.7%); no identified lesions (05/24) (20.8%); diseases of the circulatory system (03/24) (12.5%); tumors (02/24) (8.3%); conjunctivitis, auricular infections, dermatitis and surgical wound (01/24) (4.2%). The factors that predispose to be infested by C. hominivoraxwere the physical and mental weakness, dehydration, inadequate corporal hygiene, diabetes, malnutrition, elephantiasis, schizophrenia, alcoholism, anemia, lice infestation and fundamentally accidental wounds.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

41

Clínica e hematologia de Bos indicus, Bos taurus e Bubalus bubalis inoculados com oocistos de Toxoplasma gondii (Apicomplexa: Toxoplasmatinae)/ Clinical and haematology of Bos indicus, Bos taurus and Bubalus bubalis inoculatead with oocysts of Toxoplasma gondii (Apicomplexa:Toxoplasmatinae)

Oliveira, Francisco Carlos Rodrigues de; Costa, Alvimar José da; Sabatini, Gustavo Adolfo
2001-08-01

Resumo em português Três animais de cada espécie (Bos indicus, Bos taurus e Bubalus bubalis) foram inoculados, via oral, com 2,0 x 10(5) oocistos de Toxoplasma gondii. Seis outros animais, dois de cada espécie, foram mantidos como testemunhas. As alterações clínicas surgidas a partir do 3º dia após inoculação (DAI) foram: hipertermia, taquicardia, taquipnéia, anorexia, prostração, corrimento nasal e lacrimejamento. Estes sinais foram mais evidentes nos taurinos, espécie que apr (mais) esentou, ainda, diarréia, fotofobia e conjuntivite. Foi possível isolar T. gondii da corrente sangüínea em todas as espécies. Nos taurinos, a partir do 5º DAI até o final do experimento, o parasito foi isolado de todas as amostras de sangue colhidas semanalmente, com exceção do 14º, 35º e 63º DAI. Os bubalinos apresentaram parasitemia no 7º, 14º, 35º e 70º DAI e os zebuínos apenas no 7º e 28º DAI, correspondendo aos picos de temperatura, em todas as espécies, sendo mais evidente em taurinos. Os parâmetros clínico-laboratoriais demonstraram que os taurinos foram mais sensíveis ao T. gondii do que os zebuínos e estes não diferiram significativamente dos bubalinos, que tiveram aparente normalidade clínico-laboratorial. Resumo em inglês From each of the host species (Bos indicus, Bos taurus and Bubalus bubalis) three individual animals were orally inoculated with 2.0 x 10(5) sporulated Toxoplasma gondii oocysts. Six other animals, being two from each of the host species, were kept as controls. Clinical abnormalities arising after the 3rd day post-infection were hyperthermia, tachycardia, tachypnea, anorexia, prostration, nasal flowing and lacrimation. These signs were conspicuous in the taurine hosts, wh (mais) ich also presented diarrhea, photophobia and conjunctivitis. It was possible to isolate T. gondii from blood current from all species. In taurine, from 5th day after inoculation up to the final of the experiment, the parasite was isolated from all the samples of blood obtained weekly, with exception of 14th, 35th and 6rd day after inoculation. The buffalo cattle showed parasitemia at 7th, 14th, 35th and 70th day after inoculation and the zebu cattle only at 7th and 28th day after inoculation, corresponding to the peak of temperature, in all species, but more evident in taurines. The clinical-laboratorial parameters showed that the taurine was more sensible to T. gondii than the zebu cattle and these did not differ significatively from the buffalo cattle that had apparently clinical-laboratorial normality.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

42

Diversidade da exposição alergênica: implicações na obtenção da eficácia do controle ambiental/ Diversity of allergen exposure: implications for the efficacy of environmental control

Segundo, Gesmar Rodrigues Silva; Sopelete, Mônica Camargo; Terra, Sílvia Azevedo; Pereira, Fernando Lourenço; Justino, Caroline Morais; Silva, Deise Aparecida de Oliveira; Taketomi, Ernesto Akio
2009-04-01

Resumo em português As doenças alérgicas, como a asma, rinite, conjuntivite alérgica e a dermatite atópica têm apresentado um aumento na sua prevalência nas últimas décadas. A relação entre exposição alergênica, sensibilização atópica e desenvolvimento de doenças alérgicas são amplamente descrita na literatura. OBJETIVO: Discutir a dificuldade no controle ambiental da exposição alergênica como parte do tratamento das doenças alérgicas. MÉTODOS: Analisar trabalhos de (mais) exposição alergênica realizados com metodologia similar na região central do Brasil, incluindo casas, hotéis, cinemas, carros, táxis, ônibus e transporte escolar. RESULTADOS: Níveis elevados dos alérgenos do grupo 1 de Dermatophagoides pteronyssinus (Der p 1) e de D. farinae (Der f 1), capazes de causar sensibilização e exacerbação de sintomas foram encontrados na maioria dos ambientes estudados em uma larga proporção das amostras, enquanto os alérgenos de animais domésticos atingiram maiores níveis em carros e veículos de transporte escolar. CONCLUSÃO: A diversidade da exposição alergênica mostra a necessidade de uma compreensão da doença alérgica pelos pacientes e familiares, e que as medidas de controle do ambiente doméstico fazem parte de uma estratégia global do tratamento das doenças alérgicas, uma vez que os indivíduos vivem em uma sociedade e não isoladas no interior de seus domicílios. Resumo em inglês The prevalence of allergic diseases such as asthma, rhinitis, allergic conjunctivitis and atopic dermatitis has increased in the last decades. The relationship between allergen exposure, atopic sensitization and development of allergic diseases is widely described in the literature. AIM: To evaluate measures for reducing allergen exposure as part of the treatment of allergic diseases. METHODS: An analysis was made of previous studies on allergen exposure done with a simil (mais) ar methodology in the central region of Brazil; the study included homes, hotels, cinemas, cars, taxis, buses and scholar transportation. RESULTS: High levels of Der p 1 and Der f 1 mite allergens were found in a large proportion of the sample in most of the environments included in those studies; there were higher levels of pet allergens in cars and school transportation vehicles. CONCLUSION: The diversity of allergen exposure demonstrates the need for education about allergic diseases for patients and their families, as well as measures of reducing allergens in homes. This should be part of a global strategy of the management of allergic diseases, given that individuals live in society, not only in their houses.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

43

Doenças oculares em neonatos/ Ocular diseases in neonates

Endriss, Daniela; Ventura, Liana Maria V. O.; Diniz, José Ricardo; Celino, Ana Carolina; Toscano, Jana
2002-09-01

Resumo em português Objetivo: Identificar as principais doenças oculares numa população de neonatos assistidos pelo Sistema Único de Saúde em maternidades de referência no Estado de Pernambuco, orientando o seguimento e tratamento necessário. Métodos: Realizou-se estudo de corte transversal numa população de recém-nascidos em três maternidades públicas, no período de abril a outubro de 2000. Procedeu-se ao exame oftalmológico durante visitas semanais, orientando-se o seguiment (mais) o e tratamento dos casos com alterações oculares ou fatores de risco. Resultados: Examinaram-se 3280 recém-nascidos: 1403 (42,8%) na Maternidade da Encruzilhada (CISAM), 1232 (37,5%) na Maternidade do Hospital Barão de Lucena (MHBL) e 645 (19,7%) na Maternidade do Hospital Agamenon Magalhães (MHAM). 387 eram pré-termo (11,8% dos casos). Encaminharam-se ao serviço especializado 701 neonatos (21,4% do total examinado) com alterações oculares ou com fatores de risco. Destes, 46,4% eram pré-têrmo e 37,9% receberam oxigenoterapia, observando-se maior número porcentual na MHBL (45,4%). Observou-se conjuntivite em 3,0% dos olhos, leucocoria em 0,4% e hemorragia subconjuntival em 2,0%. À fundoscopia, encontraram-se hemorragias retinianas em 7,8% dos casos, com acometimento macular em 4,3%. Conclusões: As doenças oculares mais freqüentes foram: hemorragias retinianas e conjuntivites. Os principais fatores de risco observados foram: prematuridade e doenças infecciosas neonatais. Os autores enfatizam que o exame ocular deve ser realizado rotineiramente nos neonatos. Resumo em inglês Purpose: To identify the main ocular diseases in a neonate population attended by the "Sistema Único de Saúde" in reference maternities of Pernambuco State, advising the follow-up and necessary treatment. Methods: A transversal study was done among newborn infants in three public maternities, during the period of April to October 2000. An ophthalmological examination was performed during weekly visits, advising the follow-up and treatment of the cases with ocular altera (mais) tions or risk factors. Results: 3280 newborns were examined: 1403 (42.8%) in the Encruzilhada maternity (CISAM), 1232 (37.5%) in the maternity of the Hospital Barão de Lucena (MHBL) and 645 (19.7%) in the maternity of the Hospital Agamenon Magalhães (MHAM). 387 were pre-term (11.8%). 701 neonates (21.4%) with ocular alterations or risk factors were referred to the specialized service. Of these, 46.4% were pre-term and 37.9% received oxygen therapy, with a higher percentage in MHBL (45.4%). Conjunctivitis was found in 3.0% of the eyes, leucocoria in 0.4% and subconjunctival hemorrhage in 2.0%. At fundoscopy, retinal hemorrhages were found in 7.8% of cases, with 4.3% affecting the macula. Conclusions: The most frequent diseases were retinal hemorrhages and conjunctivitis. The main risk factors seen were prematurity and neonatal infectious diseases. The authors suggest that ocular examinations should be done routinely in neonates.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

44

Identificação laboratorial dos patógenos oculares mais freqüentes e sua suscetibilidade in vitro aos agentes antimicrobianos/ Laboratory identification of the most frequent ocular pathogens and their in vitro sensitivity to antibiotics

Uesugui, Eliane; Cypel-Gomes, Marcela Colussi; Atique, Denise; Goulart, Dario Grechi; Gallucci, Fabiana Rega; Nishiwaki-Dantas, Maria Cristina; Dantas, Paulo Elias Correa
2002-06-01

Resumo em português Objetivo: Estabelecer os agentes mais comumente isolados nas ceratites, conjuntivites e endoftalmites no Laboratório de Microbiologia da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, assim como determinar o perfil de sensibilidade destes agentes aos antibióticos. Métodos: Realizamos estudo retrospectivo analisando todos os prontuários oftalmológicos do banco de dados do Laboratório de Microbiologia da Santa Casa de São Paulo. Foram coletados os dados de todos os pacie (mais) ntes submetidos à colheita de material ocular nos últimos 5 anos (1994-1999). Selecionamos para o estudo apenas os pacientes com diagnóstico clínico de conjuntivite, ceratite e endoftalmite. Os respectivos antibiogramas foram realizados e somente dados de antibiótico com aplicação em oftalmologia foram analisados. Resultados: Dos 568 casos pesquisados, foram encontrados 282 casos de ceratite bacteriana (49,6%), 214 de conjuntivites (37,7%), 72 de endoftalmites (12,7%). Obtivemos cultura negativa em 333 casos (58,9%). O agente mais freqüentemente isolado foi S. aureus (73 casos; 31,0%). Nas conjuntivites, o segundo agente mais freqüente foi Candida sp (6,6%) e 38,3% das culturas foram negativas. Nas ceratites, Pseudomonas aeruginosa apresentou 3,9% de positividade. Nas endoftalmites, nas quais houve apenas 32% de positividade, o segundo agente mais freqüente foi o S. pneumoniae (4,2%). Conclusão: Culturas negativas foram achado mais freqüente. Quando nos deparamos com uma infecção ocular, as chances de o causador ser S. aureus são muito grandes, portanto antes mesmo de se obter o resultado da cultura, tratamento que inclua S. aureus pode ser indicado. Resumo em inglês Purpose: To establish the most frequently isolated agents in keratitis, conjunctivitis and endophthalmitis by the Laboratory of Microbiology/ Santa Casa of São Paulo, and to determine their antimicrobial sensitivity. Methods: A retrospective study including all ophthalmologic charts of the Laboratory of Microbiology/ Santa Casa of São Paulo was conducted. All ocular material collected during the last five years was analyzed. We included in this study only patients whose (mais) diagnoses were conjunctivitis, keratitis and endophthalmitis. Susceptibility tests of drugs with ophthalmological application were analyzed. Results: In a total of 568 cases, we found 282 of bacterial keratitis (49.6%), 214 of conjunctivitis (37.7%) and 72 of endophthalmitis (12.7%); three hundred thirty-three negative culture cases were found (58.9%). S. aureus was the most frequently isolated agent (n=73; 31.0%). Conjunctivitis showed Candida sp in 6.6% of all cases, and 38.3% of the cultures were negative. When the diagnosis was keratitis, P. aeruginosa was positive in 3.9% and 71.6% of the cultures were negative. Endophthalmitis showed only 32% of positivity. Conclusion: Inconclusive cultures were the majority. Facing an ocular infection, there is a considerable chance to find S. aureus.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

45

Febre catarral maligna em bovinos no Rio Grande do Sul: transmissão experimental para bovinos e caracterização do agente etiológico/ Malignant catarrhal fever in cattle in Rio Grande do Sul, Brazil: experimental transmission to cattle and characterization of the etiological agent

Garmatz, Shana L.; Irigoyen, Luiz F.; Rech, Raquel R.; Brown, Corrie C.; Zhang, Jian; Barros, Claudio S. L.
2004-06-01

Resumo em português São relatados dois surtos de febre catarral maligna (FCM) em bovinos de duas propriedades rurais (A e B) do município de Santiago, Rio Grande do Sul (RS), a transmissão da doença a bovinos suscetíveis e a detecção de DNA viral de herpesvírus bovino-2 (OvHV-2) em tecidos de bovinos afetados. Os dois surtos ocorreram de novembro de 2001 a fevereiro de 2002 (Propriedade A) e de janeiro a fevereiro de 2003 (Propriedade B). O número de bovinos sob risco, as taxas de m (mais) orbidade e de letalidade foram, respectivamente, 170, 10,59% e 83,33% na Propriedade A e 500, 2,4% e 100% na Propriedade B. Em ambas as propriedades havia contato de ovinos com os bovinos afetados, mas somente na Propriedade A havia ovelhas em parição. Nos bovinos afetados nas duas propriedades, a duração do curso clínico, os achados de necropsia e a histopatologia foram semelhantes. A maioria dos bovinos afetados morreu ou foi submetida à eutanásia in extremis após um curso clínico de 2 a 8 dias. Os sinais clínicos incluíam febre (40,5 e 41,5°C), corrimento nasal e ocular, opacidade da córnea, conjuntivite, salivação, erosões e ulcerações em mucosas, diarréia, hematúria e distúrbios neurológicos. Foram realizadas onze necropsias (nove na Propriedade A e duas na Propriedade B). Lesões macroscópicas incluíam erosões e úlceras nas mucosas dos cornetos nasais, cavidade oral e tratos gastrintestinal e urogenital; hemorragia e necrose da ponta das papilas bucais, aumento de volume dos linfonodos, múltiplos focos brancos no córtex renal e hiperemia das leptomeninges. Microscopicamente, havia arterite e degeneração fibrinóide em artérias de médio e pequeno calibre e em arteríolas de múltiplos órgãos e tecidos, necrose e inflamação em várias superfícies mucosas, ceratite, conjuntivite, uveíte, nefrite intersticial e encefalite. A transmissão experimental foi tentada em cinco bezerros (E1-E5) através da inoculação de cada um deles, por via intravenosa, com 500 ml de sangue total heparinizado oriundo de bovino afetado por FCM. A transmissão foi conseguida em pelo menos três (E1-E3) dos bezerros experimentais que adoeceram após um período de incubação de 15 a 27 dias. Quatro dos bezerros do experimento morreram ou foram submetidos à eutanásia in extremis após um curso clínico que durou de 3 dias a 8 semanas. O bezerro experimental remanescente (E5) recuperou-se após uma doença branda e foi submetido à eutanásia 14 semanas após a inoculação. Os cinco bezerros foram necropsiados. Sinais clínicos, achados de necropsia e histopatologia de três bezerros (E1-E3) eram característicos de FCM. O DNA viral de OvHV-2 foi detectado pela técnica de reação em cadeia de polimerase (PCR) em tecidos emblocados em parafina de sete dos 11 bovinos espontaneamente afetados por FCM e em tecidos emblocados em parafina de três bezerros experimentais (E1-E3). A técnica de PCR resultou negativa nos restantes quatro dos 11 bovinos testados nos casos espontâneos de FCM e em dois (E4-E5) dos cinco bezerros usados nos experimentos de transmissão. Testes de imunoistoquímica realizados em cortes de tecido linfóide do bezerro E4 resultaram negativos para antígeno do vírus da diarréia viral bovina. A transmissão experimental de FCM de bovino para bovino e a caracterização do agente etiológico da doença em bovinos como OvHV-2 foi conseguida pela primeira vez no Brasil. Resumo em inglês Two oubreaks of malignant catarrhal fever (MCF) occurring in cattle on two farms (A and B) in the municipality of Santiago, state of Rio Grande do Sul (RS), Brazil, and the transmission of the disease to susceptible calves as well as the detection of ovine herpesvirus-2 (OvHV-2) in tissues of affected cattle are reported. The two epizootics occurred from November 2001 to February 2002 (Farm A) and in January-February 2003 (Farm B). Numbers of cattle at risk, morbidity and (mais) letality rates were respectively 170, 10.59% and 83.33% for Farm A and 500, 2.4% and 100% for Farm B. Contact between affected cattle and sheep was detected in both farms, but lambing ewes were present only in farm A. Duration of clinical courses, gross findings and histopathology were the same for the affected cattle in both farms. Most affected cattle died or were euthanatized in extremis after a clinical course of 2-8 days. Clinical signs included fever (40.5 and 41.5°C), nasal and ocular discharge, corneal opacity, conjunctivitis, drooling, erosions and ulcerations of the mucosae, diarrhea, hematuria, and neurological disturbances. Eleven necropsies (9 on Farm A, 2 on Farm B) were performed. Gross lesions included erosions and ulcers affecting the mucosae of nasal turbinates, oral cavity, gastrointestinal and urogenital tracts; hemorrhage and necrosis of the tip of the buccal papillae, lymph node enlargement, multifocal white foci in renal cortex, and hyperemia of leptomeninges. Microscopically, there were arteritis and fibrinoid degeneration in medium and small arteries and arterioles of multiple organs and tissues, necrosis and inflammation in several mucosal surfaces, keratitis, conjunctivitis, uveitis, intersticial nephritis, and encephalitis. Transmission experiments were attempted in five calves (E1-E5) by inocculating each of them intravenously with 500 ml of whole heparinized blood from a MCF affected cow. The transmission was suscessful in at least three (E1-E3) of the experimental calves which became sick after an incubation period of 15-27 days. Four experimental calves either died or were euthanatized in extremis after a clinical course which varied from 3 days to 8 weeks. The remaining experimental calf (E5) recovered from a mild disease and was euthanatized 14 weeks after inocculation. Necropsies were performed in all five calves. Clinical signs, necropsy and histopathological findings of three calves (E1-E3) were characteristic of MCF. OvHV-2 viral DNA was detected by the polimerase chain reaction (PCR) test in paraffin embedded tissues from seven cattle out of the 11 spontaneous MCF cases and from three experimental calves (E1-E3). PCR tests resulted negative in the remaining four of the 11 spontaneous MCF cases tested and in two (E4,E5) of the five experimental calves. Immunohistochemistry performed in sections of lymphoid tissue from calf E4 failed to detect BVD virus antigen. The experimental transmission of MCF and the characterization of the etiological agent as OvHV-2 were successfully attempted in cattle for the first time in Brazil.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

46

Diagnóstico laboratorial da infecção pela Chlamydia trachomatis: vantagens e desvantagens das técnicas/ Laboratory diagnosis of Chlamydia trachomatis infection: advantages and disadvantages of the tests

Seadi, Claudete Farina; Oravec, Rejane; Poser, Beatriz von; Cantarelli, Vlademir V.; Rossetti, Maria Lucia
2002-01-01

Resumo em português O objetivo deste artigo é revisar e comentar as vantagens e desvantagens dos diferentes tipos de testes de detecção de Chlamydia trachomatis na rotina de laboratórios clínicos, com ênfase nas técnicas de amplificação. A Chlamydia trachomatis é considerada a bactéria sexualmente transmissível mais freqüente em países desenvolvidos e de grande impacto no sistema reprodutivo das mulheres. É o agente causador de doenças do trato urogenital, linfogranuloma ven� (mais) �reo (LGV), tracoma, conjuntivite de inclusão e pneumonia no recém-nascido. Um dos fatores de risco para a infecção é a prática sexual entre adolescentes. A recorrência das infecções é comum. Episódios sucessivos de infecção aumentam o risco de desenvolver seqüelas e a chance de contrair a infecção pelo vírus da imunodeficiência humana. O diagnóstico da infecção pela Chlamydia trachomatis ainda é crítico, devido à freqüência de infecções assintomáticas. As técnicas de amplificação de ácidos nucléicos permitem utilizar urina para a detecção da clamídia, simplificando a coleta. Apresentam maior sensibilidade do que a cultura e do que os testes mais utilizados, como a imunofluorescência direta e o enzimaimunoensaio. A cultura celular, utilizada como padrão- ouro, tem especificidade de 100% e sensibilidade de 70% a 85%. De acordo com o Centers for Disease Control (CDC), um diagnóstico é considerado definitivo quando positivo em cultura ou em pelo menos dois testes não-culturais distintos. Os testes de amplificação são mais dispendiosos do que os demais testes não-culturais, mas de menor custo que a cultura. Resumo em inglês The purpose of this article is to review and comment the advantages and disadvantages of Chlamydia trachomatis tests in clinical laboratories routine, emphasizing the techniques of amplification. Chlamydia trachomatis is considered the most frequent sexually transmitted bacterium in developed countries and it has an important impact on reproductive female tract. It causes diseases on urogenital tract, venereal limphogranuloma, trachoma, conjunctivitis and newborn pnemonia (mais) . One of the main risks of infection is the sexual practice among adolescents. Repetitive episodes of infection raise the risk of developing sequel as well as the chance of getting the infection with the human immunodeficiency virus. Its hard to diagnose the infection caused by Chlamydia trachomatis because most of times there are no symptoms. Nucleic acid amplification techniques allow us to use urine to detect chlamydia. It simplifies the sampling and offers greater accuracy than bacteria culture. It is even better than tests such as direct fluorescent antibodies and immunoassay. Cellular culture as reference techniques results in 100% of specificity and 70 to 85% of sensitivity. According to the Centers for Disease Control (CDC) is considered definitive when positive culture or, at least, two non culture distint tests. Amplification tests are more expensive than other tests, but cheaper than culture.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

47

Enterovírus-70 na região metropolitana de São Paulo, Brasil, de 1984 a 1987: aspectos da infecção em períodos epidêmico e endêmico/ Enterovirus-70 in the metropolitan areas of São Paulo city from 1984 to 1987: aspects of infection during epidemic and endemic period

Waldman, Eliseu Alves; Takimoto, Sueko; Ishida, Maria Akiko; Kitamura, Cecília; Mendonça, Lucia I. Z.
1990-06-01

Resumo em português São apresentados os resultados de estudos sobre o comportamento do Enterovírus-70 (EV-70) na região metropolitana de São Paulo desde sua provável introdução no verão de 1984, determinando extensa epidemia de conjuntivite hemorrágica aguda (C.H.A.), até o final de 1987 abrangendo período em que este agravo foi pouco notado. Na fase epidêmica ocorrida no primeiro trimestre de 1984 foram estudados 291 indivíduos divididos em três grupos denominados A, B e C, o (mais) primeiro formado por pessoas atingidas pela C.H.A. e os outros dois por indivíduos não atingidos por este agravo mas que, respectivamente, referiam contato domiciliar com casos de C.H.A. e os que não referiam o citado contato. A demonstração de anticorpos se fez pela técnica de imunofluorescência indireta (IFI) para detectar IgM específico para EV-70 e pela prova de neutralização em cultura de células BHK-21. Verificou-se que 56,7%, 33,3% e 20,6% dos indivíduos pertencentes, respectivamente, aos grupos A, B e C apresentavam anticorpos específicos da classe IgM. No grupo A a faixa etária mais atingida foi a de 10 a 29 anos. No período que vai do fim da primeira e única epidemia até o final de 1987, identificaram-se três casos esporádicos de C.H.A. e 10 pacientes com afecção neurológica aguda associada à infecção recente pelo EV-70. Nove, destes 10 casos, apresentaram paralisia de nervos cranianos, todos evoluindo sem seqüelas clinicamente discerníveis. As formas assintomáticas e os casos esporádicos de C.H.A. e de afecções neurológicas mantiveram a circulação do EV-70 no período não epidêmico. Resumo em inglês Results of investigation about Enterovirus-70 (EV-70) as an etiologic agent of epidemic of acute haemorrhagic conjunctivitis (AHC) and neurological disease in the metropolitan area of São Paulo city are presented. During the first three months of 1984, in an epidemic period of AHC, 3 groups with a total of 291 persons were studied. The group A included 90 individuals affected by AHC; the 99 persons belonging to group B did not acquire the AHC but refered familiar contact (mais) with the ill individuals; the group C included 102 persons who denied the AHC or any contact with the illness. Neutralization test in BHK-21 cell culture was used for measurement of antibodies in sera. For the detection of the presence of IgM, indirect immunofluorescence assay was utilized. The presence of IgM antibodies was observed in 56.7%, 33.3% and 20.6% of persons belonging to groups A, B and C, respectively. The 10-29 age group was the most affected in the group A. From april 1984, after the end of epidemic period of AHC, until December 1987, three sporadic cases of AHC and 10 cases with acute neurological disease associated with recent infection by EV-70 were observed. Nine of 10 persons with acute neurological symptoms had paralysis of cranial nerves, all of them recovering without sequelae. The circulation of EV-70 in the population during the endemic period was maintained by either asymptomatic, sporadic cases of AHC or neurological diseases.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

48

Deficiência auditiva neurossensorial associada à doença de Kawasaki/ Sensorineural hearing loss associated to Kawasaki disease

Silva, Carlos H.M. da; Roscoe, Isabel C.R.G.; Fernandes, Karla P.; Novaes, Ricardo M.; Lázari, Carolina S.
2002-02-01

Resumo em português Objetivo: a doença de Kawasaki (DK) é uma vasculite sistêmica idiopática, autolimitada, de pequenos e médios vasos. Foram descritos na literatura treze casos de deficiência auditiva neurossensorial, durante a evolução dessa doença. Descreve-se o caso de um lactente com doença de Kawasaki com evolução, durante a fase aguda, para deficiência auditiva neurossensorial. A descrição do caso justifica-se por ilustrar uma complicação grave da DK, pouco mencionada (mais) na literatura, que reforça a recomendação de cautela na avaliação global destes pacientes. Descrição: menino hígido de 1 ano e sete meses de idade apresentou-se com febre diária persistente, iniciada havia sete dias, associada à irritabilidade, conjuntivite bilateral não-exsudativa, eritema máculo-papular em tronco. Evoluiu com artrite em punhos, cotovelos, joelhos e tornozelos e edema e descamação de mãos e pés, que impossibilitava a deambulação. O diagnóstico de doença de Kawasaki foi estabelecido de acordo com os critérios da American Heart Association (AHA), e a criança foi tratada de forma convencional. Houve regressão das manifestações clínicas três dias após o início do tratamento. Contudo, um mês após o início dos sintomas, os familiares notaram resposta insatisfatória a estímulos sonoros. A avaliação da acuidade auditiva através do BERA (Brainstem Evoked Responses Audiometry - Audiometria de Potenciais Evocados de Tronco Cerebral) diagnosticou perda auditiva neurossensorial bilateral, grau severo a profundo. Comentários: é possível que o exame rotineiro de acuidade auditiva em crianças com doença de Kawasaki possa identificar precocemente a deficiência auditiva neurossensorial. Resumo em inglês Objective: Kawasaki disease is a systemic idiopathic self-limited vasculitis of small and medium-sized vessels. Thirteen cases of sensorineural hearing loss during the evolution of this disease have been described in the literature. We describe a case of an infant with Kawasaki disease who developed sensorineural hearing loss during the acute phase. This case report shows a complication of Kawasaki disease, with few citations in literature, enhancing the importance of car (mais) eful evaluation of these patients.Description: nineteen-month-old-boy, formerly healthy, with persistent daily fever seven days before admission, associated with irritability, bilateral nonexudative conjunctivitis and maculopapular erythema on his trunk. There was later development of arthritis on wrists, elbows, knees, and ankles, and swelling associated with desquamation of hands and feet, which prevented him from walking. The diagnosis of Kawasaki disease was established according to the American Heart Association's criteria, and the child was conventionally treated. There was regression of clinical manifestations three days after the beginning of treatment. However, one month after the onset of symptoms, the family noticed an unsatisfactory response to sound stimuli. The evaluation of auditory acuity through BERA (Brainstem Evoked Responses Audiometry) revealed severe bilateral sensorineural hearing loss.Comments: routine examination of auditory acuity in children with Kawasaki disease may help identify sensorineural hearing loss at an early stage.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

49

Febre catarral maligna em bovinos no Rio Grande do Sul: epidemiologia, sinais clínicos e patologia/ Malignant catarrhal fever in cattle in Rio Grande do Sul, Brazil: epidemiology, clinical signs and pathology

Rech, Raquel R.; Schild, Ana Lucia; Driemeier, David; Garmatz, Shana L.; Oliveira, Fabiano N.; Riet-Correa, Franklin; Barros, Claudio S.L.
2005-06-01

Resumo em português São descritos a epidemiologia, os sinais clínicos e os achados de necropsia e histopatológicos observados em casos de febre catarral maligna (FCM), que ocorreram de 1973 a 2003 em bovinos de 15 fazendas no Rio Grande do Sul. Em nove ocasiões (60%), a doença ocorreu de forma esporádica, afetando 1-3 bovinos por rebanho, enquanto, em seis fazendas (40%), a FCM ocorreu de forma epizoótica, afetando vários bovinos em cada rebanho. As taxas de morbidade variaram de 2,4 (mais) % a 20%, e as taxas de letalidade foram de 83,3% a 100%. Bovinos de todas as idades e ambos os sexos foram afetados. Nos casos em que foi possível obter essa informação (9 fazendas), sempre havia ovinos em contato com os bovinos afetados, e o maior número de casos de FCM ocorreu na primavera e verão. A doença clínica era aguda ou subaguda, e os sinais clínicos incluíam febre, corrimento nasal e ocular, conjuntivite, salivação excessiva, hematúria, necrose das papilas bucais que se tornavam rombas, linfadenopatia, diarréia e distúrbios neurológicos. Os achados de necropsia incluíam opacidade da córnea, erosões e ulcerações em várias membranas mucosas do trato alimentar, respiratório, urogenital e conjuntiva; aumento de volume e hemorragia em linfonodos e múltiplos focos brancos nos córtices renais e nas tríades portais hepáticas. Dermatite crostosa foi observada em alguns casos. Os principais achados histopatológicos incluíam vasculite, necrose dos epitélios de revestimento e acúmulos de células inflamatórias em vários órgãos. A vasculite era associada com necrose fibrinóide da túnica média das artérias e acompanhada de infiltrado inflamatório constituído por linfoblastos, linfócitos, plasmócitos e macrófagos. Resumo em inglês The epidemiology, clinical signs, necropsy and histopathological findings in cases of malignant catarrhal fever (MCF) occurring in cattle from 15 farms in Rio Grande do Sul, Brazil, from 1973 to 2003, are described. In 9 instances (60%) the disease occurred as sporadic cases affecting 1-3 cattle whereas in six farms (40%) MCF occurred as epizootics involving several cattle in each affected herd. Morbidity rates ranged from 2.4% to 20% and lethality rates were 83.3% and 10 (mais) 0%. Cattle of all ages and both sexes were affected. Where the information was available (9 farms) sheep were in contact with affected cattle and cases of MCF occurred more frequently in spring and summer. Clinical courses were acute or subacute and clinical signs included fever, nasal and ocular discharges, conjunctivitis, drooling, hematuria, necrosis and blunting of buccal papillae, enlargement of lymph nodes, diarrhea and neurological disturbances. Necropsy findings included opaque corneas, reddening, erosions and ulcerations in several mucous membranes of the alimentary, respiratory and urogenital tracts, and the conjunctiva; enlargement and haemorrhage of lymph nodes and multiple white foci in the renal cortices and in the hepatic portal triads. Crustous dermatitis was observed in some cases. Main histopathological findings included vasculitis, necrosis of the surface epithelia and accumulation of inflammatory cells in several organs. Vasculitis were associated with fibrinoid necrosis of the medial layer of arteries and inflammatory cells included lymphoblasts, lymphocytes, plasma cells and macrophages.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

50

Doença granulomatosa sistêmica em bovinos no Rio Grande do Sul associada ao pastoreio de ervilhaca (Vicia spp)/ Systemic granulomatous disease in cattle in Rio Grande do Sul, Brazil, associated with grazing vetch (Vicia spp)

Barros, Claudio S. L.; Fighera, Rafael A.; Rozza, Daniela B.; Rech, Raquel R.; Sallis, Simone V.; Langohr, Ingeborg M.
2001-12-01

Resumo em português Dois surtos de uma doença associada ao pastoreio de duas espécies de ervilhaca (predominantemente Vicia villosa e, em menor grau, V. sativa) foram observados em agosto-setembro de 2001, em vacas Holandesas adultas de duas propriedades rurais do Rio Grande do Sul. Foram afetadas, em uma das propriedades, quatro de 42 vacas (9,5%) e, na outra, uma de oito vacas (12,5%). Os sinais clínicos incluíam, embora não em todos os casos, febre, prurido, espessamento e enrugament (mais) o da pele com placas multifocais de alopecia, conjuntivite, corrimento nasal seroso, perda de peso, acentuada queda na produção de leite e diarréia. O curso clínico foi de aproximadamente duas semanas. Todas as vacas afetadas clinicamente morreram, uma foi sacrificada; três foram necropsiadas. Em cada um desses animais havia um padrão de lesões sistêmicas que consistiam de nódulos multifocais ou coalescentes, macios ou moderadamente firmes e branco-acinzentados, que infiltravam vários órgãos, mas eram particularmente proeminentes no miocárdio, nos linfonodos, no baço, na glândula adrenal e no córtex renal. Essas lesões resultavam em aumento de volume e alteração na arquitetura do órgão invadido. Microscopicamente, as lesões consis-tiam de extensa infiltração celular composta de proporções variáveis de macrófagos epitelióides, linfócitos, plasmócitos, células gigantes multinucleadas e eosinófilos. Os números de eosinófilos eram geralmente altos. Essa infiltração granulomatosa causava degeneração e perda de células parenquimatosas no órgão afetado. A intensidade das lesões variou entre as três vacas e entre os vários órgãos de cada animal. Essa é a primeira documentação no Brasil de doença granulomatosa sistêmica em bovinos associada ao pastoreio de ervilhaca. Resumo em inglês Two outbreaks of a disease associated with grazing vetch species (predominantly Vicia villosa and to a lesser extent V. sativa) were observed during August-September 2001, in adult Holstein cows from two farms in southern Brazil. In one of the farms four out of 42 cows (9.5%) and in the other one out of eight cows (12.5%) were affected. Clinical signs included, although not consistently, fever, pruritus, thickening and wrinkling of the skin with multifocal plaques of alop (mais) ecia, conjunctivitis, nasal serous discharge, loss of weight, dramatic drop in milk yield, and diarrhea. The duration of the clinical disease was approximately two weeks. All clinically affected cows died, one was euthanatized; three were necropsied. In each of these animals there was a pattern of systemic lesions consisting of multifocal to coalescing grey-white soft to moderately firm nodules which infiltrated several organs but were particularly prominent in the myocardium, lymph nodes, spleen, adrenal gland and renal cortex. These lesions resulted in enlargement and disruption of the architecture of the invaded organ. Microscopically the lesions consisted of extensive cellular infiltration composed of variabe proportions of epithelioid macrophages, lymphocytes, plasma cells, multinucleated giant cells and eosinophils. Eosinophils numbers were usually large. This granulomatous infiltration caused degeneration and loss of parenchymal cells of affected organs. Intensity of lesions varied among the three cows and among individual organs. This is the first documented report on a systemic granulomatous disease in cattle associated with grazing vetch in Brazil.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

51

Medida da distância reflexo margem por meio de processamento computadorizado de imagens em usuários de lentes de contato rígidas/ Margin reflex distance measure by computerized image processing in rigid contact lens wearers

Burmann, Tiana Gabriela; Valiatti, Fabiana Borba; Correa, Zélia Maria; Bayer, Márcia; Marcon, Ítalo
2008-02-01

Resumo em português OBJETIVO: Apresentar um método novo, baseado no processamento computadorizado de imagens, para quantificar a distância reflexo margem (MRD). MÉTODOS: Selecionamos para o estudo pacientes do Setor de Lentes de Contato do Serviço de Oftalmologia da Santa Casa de Porto Alegre que foram divididos em dois grupos: o primeiro foi composto por pacientes usuários de lentes de contato rígidas (63 olhos) e o segundo por pacientes que foram encaminhados para adaptação de lent (mais) es de contato sem história prévia de uso das mesmas (30 olhos). Todos os pacientes foram fotografados com o auxílio de uma câmera fotográfica digital (Nikon Coolpix 4300). A distância reflexo margem foi medida por processamento computadorizado de imagens utilizando o programa Image J. Foram excluídos do estudo pacientes submetidos a cirurgias intra-oculares ou palpebrais, pacientes apresentando ptose congênita e pacientes que ao exame biomicroscópico apresentavam conjuntivite papilar gigante. RESULTADOS: O método utilizado para quantificar distância reflexo margem parece bastante simples e aparentemente mais sensível e específico. O valor médio da distância reflexo margem no grupo caso foi 2,46 mm e no grupo controle 2,72 mm. Dessa forma, observou-se uma tendência de diminuir a distância reflexo margem com o uso de lentes rígidas, embora esses dados não tenham sido estatisticamente significativos (p=0,22). Observa-se também que os valores de distância reflexo margem apresentam uma variabilidade muito maior no grupo caso (41,46%) do que no controle (28,96%), que se apresenta mais homogêneo. CONCLUSÃO: Esse estudo introduziu uma metodologia inovadora para medir a distância reflexo margem utilizando o processamento computadorizado de imagens. Esse método é acessível e pode auxiliar no acompanhamento da distância reflexo margem de pacientes usuários de lentes de contato, especialmente rígidas. Resumo em inglês PURPOSE: To measure the MRD (margin reflex distance) in rigid contact lens wearers and controls by a new method, based on computerized image processing. METHOD: The patients were selected from the Contact Lens Sector of the Ophthalmology Service at the "Complexo Hospitalar Santa Casa de Porto Alegre", and they were divided into two groups: the first was formed of rigid contact lens wearers (63 eyes) and the second of patients without previous history of contact lens wear (mais) (30 eyes). All patients were photographed with a digital camera (Nikon Coolpix 4300). The margin reflex distance was measured by a computerized image processing using the Image J program. The study excluded patients that underwent any kind of intraocular or eyelid surgery, patients with congenital ptosis and patients with giant papillae conjunctivitis. RESULTS: The method utilized to measure margin reflex distance seems simple and more accurate. The average value of the margin reflex distance in the case group was 2.46 mm and in the control group 2.72 mm. The study shows that there is a tendency of decreasing the margin reflex distance with contact lens wear although the data were not statistically significant (p=0.22). The margin reflex distance values show a greater variability in the case group (41.46%) than in the control group (28.96%), that is more homogeneous. CONCLUSION: This study introduced a new method to measure the margin reflex distance using computerized image processing. This method is accessible and could help in follow-up of the margin reflex distance in contact lens wearers, specially those rigid.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

52

Participação da sensibilidade atópica em pacientes com ceratoconjuntivite alérgica primaveril/ Participation of atopic sensitivity in patients with vernal allergic keratoconjunctivitis

Goulart, Denise Atique; Schneider, Débora Marcolini; Tanaka, Evely; Santos, Maria da Conceição Menezes; Nishiwaki-Dantas, Maria Cristina; Forte, Wilma Carvalho Neves
2004-06-01

Resumo em português OBJETIVOS: Estudar as respostas dos testes de punctura cutâneos nos pacientes portadores de ceratoconjuntivite vernal e comparar as respostas com as da população alérgica sem acometimento ocular. MÉTODOS: Foram realizados testes alérgicos de punctura em 48 pacientes portadores de ceratoconjuntivite alérgica primaveril, sendo 10 da forma limbar, 19 da forma palpebral e 19 da forma mista. O grupo controle foi formado por 52 pacientes do ambulatório de alergia da San (mais) ta Casa de São Paulo, portadores de alergia sistêmica, porém sem acometimento ocular. Testes cutâneos de punctura foram realizados em 48 pacientes do Setor de Córnea e Doenças Externas Oculares, do Ambulatório de Alergia Ocular do Departamento de Oftalmologia da Santa Casa de São Paulo, no período de julho de 2001 a setembro de 2002. O indicativo de resposta alérgica positiva era reação cutânea maior que 2 mm ocorrendo até 15 minutos da aplicação do alérgeno. Foram avaliadas as respostas aos seguintes alérgenos: pó doméstico, Dermatophagoides pteronissynus, Dermatophagoides farinae, Tyrophagus putrescentiae, Blomia tropicalis, Rhizopus spp, Penicillium, Alternaria alternata e pólens de gramíneas, disponíveis naquele serviço no dado período. RESULTADOS: Na população estudada, o sexo masculino foi mais freqüente, com 32 pacientes (66,6%) no grupo de estudo e 27 no controle (51,9%). A idade média foi 10,0 ± 4,7 anos no grupo de estudo e 6,83 ± 3,6 anos no grupo controle. O alérgeno mais comumente causador de crises nos pacientes foi Dermatophagoides pteronissynus, com positividade em 26 pacientes, seguido por Dermatophagoides farinae, com 24 pacientes, Blomia tropicalis com 22, pó doméstico com 17, T. putrescentiae com 15, e Rhizopus com 3. Os alérgenos Penicillium, Alternaria alternata, e pólen de gramíneas tiveram cada um apenas 1 paciente com positividade no grupo com CCP. CONCLUSÕES: A semelhança do resultado do teste nos pacientes sem acometimento ocular nos indica que a conjuntivite alérgica nada mais é que uma das formas de expressão da atopia, assim como são a rinite, a bronquite e a dermatite. Resumo em inglês PURPOSE: To study the response to skin prick tests in patients with vernal keratoconjunctivitis and compare with the allergic population without ocular disease. METHODS: We performed skin prick tests in 48 patients with VKC (10 with limbal form, 19 with palpebral and 19 with both). Controls were 52 patients from Allergy Clinic of the Santa Casa de São Paulo, with systemic allergy but without ocular disease. Skin prick tests were performed in 48 patients from the Ocular A (mais) llergy Sector at the Ophthalmology Department of the Santa Casa de São Paulo's Hospital, from July 2001 to September 2002. We studied responses to the following allergens: house dust mite, Dermatophagoides pteronissynus, Dermatophagoides farinae, Tyrophagus putrescentiae, Blomia tropicalis, Rhizopus spp, Penicilium, Alternaria alternata and rye grass. RESULTS: Male sex was the most frequent, with 32 patients (66.6%) in the study group, and 27 (51.9%) in controls. Mean age was 10.0 ± 4.7 years in the study group and 6.83 ± 3.6 in controls. The most frequent allergen was Dermatophagoides pteronissynus, followed by Dermatophagoides farinae, Blomia tropicalis, house dust mite, Tyrophagus putrescentiae and Rhizopus spp. CONCLUSIONS: The resemblance of the results in the control group indicates that allergic conjunctivitis is nothing else but another form of atopy, just as rhinitis, bronchitis and dermatitis.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

53

Estudo retrospectivo da utilização do transplante de membrana amniótica em um serviço terciário de Oftalmologia/ Retrospective study of amniotic membrane transplantation in a terciary ophthalmic health care service

Oliveira, Eduardo Conforti de; Ramos, Gabriel Zatti; Afonso, Vivian Cristina Costa; Souza, Luciene Barbosa
2008-08-01

Resumo em português OBJETIVO: Nos últimos anos , o transplante de membrana amniótica (MA) tem sido utilizado com freqüência na reconstrução da superfície ocular em diversas doenças oculares. Este estudo objetiva identificar as indicações mais freqüentes do transplante de MA, assim como avaliar os resultados deste procedimento. MÉTODOS: Foram analisados retrospectivamente os prontuários de 107 pacientes submetidos ao transplante de MA, avaliando a indicação do transplante de MA (mais) e a evolução do quadro no período pós-operatório. RESULTADOS: Dos 107 pacientes estudados, as indicações de MA mais freqüentes foram exérese de pterígio 33.64%(n=36), defeito epitelial persistente 29.90%(n=32), liberação de simbléfaro 18.69%(n=20), queimadura química 6.54%(n=7), cérato-conjuntivite primaveril 4.67%(n=5), síndrome de Stevens-Johnson 2.80%(n=3), penfigóide ocular cicatricial 1.86%(n=2), ceratopatia bolhosa 1.86%(n=2). No seguimento dos pacientes houve recidiva do pterígio em (6.25%) nos pterígios primários e em (15%) nos pterígios recidivados. Não houve recidiva nos pacientes com simbléfaro, tendo como causa pterígio recidivado. Houve fechamento do epitélio com o uso de MA nos pacientes do estudo variando de 50 a 80%, dependendo da doença de base. Na fase aguda da queimadura química houve fechamento epitelial em 50% dos casos. Já nos que utilizaram MA na fase crônica da queimadura a restauração da superfície ocular ocorreu em 33% dos casos. Uso da MA na cérato-conjuntitivite primaveril com papilas gigantes, 80% não apresentaram recidiva das papilas.Todos os pacientes que tiveram indicação de MA, devido à ceratopatia bolhosa apresentaram diminuição da dor . Os pacientes que tiveram como causa da utilização de membrana a Síndrome de Stevens-Johnson (SSJ) na fase aguda apresentaram diminuição importante do processo inflamatório . Dos pacientes que receberam enxerto de MA na fase crônica da SSJ, 50% apresentaram evolução favorável. CONCLUSÃO: O enxerto de membrana amniótica nas diferentes doenças avaliadas apresentou resultados favoráveis na maioria delas. Esta técnica pode ser considerada como boa alternativa terapêutica a ser empregada nestas situações, além de ser um método barato e de fácil execução cirúrgica. Resumo em inglês OBJECTIVE: During the last years amniotic membrane (AM) autograft has been frequently used for reconstruction of the ocular surface in many diseases. This study intends to analyze the major indications for AM as well the results of this procedure. METHODS: Data of 107 patients who had done AM autograft surgery were retrospectively analised regarding the indications and postoperatory follow-up. RESULTS: The indications for AM autograft was ptherygium 33.64% (n=36), persist (mais) ent epithelial defect 29.90% (n=32), simblepharum 18.69% (n=20), chemical injury 6.54%(n=7), vernal conjunctivitis 4.67% (n=5), Stevens-Johnson 2.80% (n=3), ocular cicatricial penfigoid 1.86% (n=2), bullous keratopathy 1.86%(n=2). At the follow-up of ptherygium was observed recurrence between 6,25%(in primary ptherygium) and 15% (in recurrence ptherygium). No recurrence was observed in simblepharum surgery for complications due ptherygium. Recovery of epithelial integrity was between 50 and 80% depending the disease. In the acute phase of chemical burns recovery was observed in 50%, however in chronic chemical burns the recovery was only in 33% of the cases. The AM in vernal conjunctivitis to resolve giant papillae, 80% of the cases showed good evolution. In 100% of the case due bullous keratopathy the patients had improvement of the pain. In Steven-Johnsons syndrome (SJS) at the acute phase the patients had improevment of the inflammatory component. In the chronic phase of SJS, 50% of the patients had favorable evolution after the procedure. CONCLUSION: Amniotic membrane autograft showed promising results for the majority ocular surface diseases enrroled in this study. This surgical tecnic cheap and easy doing asweel a good therapeutic alternative for many ocular surface diseases.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

54

Atendimento oftalmológico dos recém-nascidos examinados nas maternidades públicas em Manaus/ Ophthalmological evaluations of the newborn at the public maternities in Manaus

Campos Júnior, José Cavalcanti
2010-08-01

Resumo em português OBJETIVO: Determinar o tipo e a frequência de diagnóstico ocular dos recém-nascidos atendidos no ambulatório, UCI e UTI neonatais das Maternidades Públicas Estaduais na cidade de Manaus (AM). MÉTODOS: Tratou-se de um estudo retrospectivo dos prontuários dos recém-nascidos, obtidos nas Maternidades Públicas Estaduais no município de Manaus, estado do Amazonas. Foram incluídos todos os pacientes avaliados durante trinta meses (setembro de 2005 a março de 2008). (mais) O trabalho foi submetido e aprovado pelas direções das unidades de saúde, que permitiram a execução do estudo sem restrições. RESULTADOS: Do total dos 4. 591 atendimentos realizados, 1880 (40,9%) foram provenientes da Maternidade Balbina Mestrinho, enquanto que 1. 360 (29,6%) foram atendidos na Maternidade Ana Braga, 788 (17,2%) na Maternidade Nazira Daou, 315 (6,9%) na Maternidade Azilda Marreiro e 248 (5,4%) na Maternidade da Alvorada. Em relação ao tipo de diagnóstico, encontramos RN Normais em 2. 462 (53,6%) casos e 2. 129 (46,4%) casos de RN com alterações oculares - 69,8% (ROP), 18,9% (Conjuntivites), 4,1% (Catarata), 3,6% (Estrabismo), 2,5% (Uveítes), 0,8% (anormalidades congênitas) e 0,3% (Outros). CONCLUSÃO: As alterações oculares foram encontradas em quase metade dos pacientes: ROP, conjuntivites, catarata, estrabismo, uveítes Resumo em inglês PURPOSE: Determine the type and frequency of diagnosis of newborn seen in the ambulatories, ICU and ITU at the Public Maternities in Manaus. METHODS: We present a retrospective study done at the Public Maternities in Manaus,Amazon state. We include all patients seen during thirty months (september 2005 to march 2008). The study was submitted and approved by the head of health units that allowed the execution of the study without restrictions. RESULTS: Of the total 4. 591 (mais) patients seen, 1. 880 (40,9%) were from at the Balbina Mestrinho Maternity, while 1. 360 (29,6%) were seen at the Ana Braga Maternity, 788 (17,2%) at the Nazira Daou Maternity, 315 (6,9%)Azilda Marreiro Maternity and 248 (5,4%) at the Alvorada Maternity. The type of diagnoses were found: Normal Newborn in 2. 462 (53,6%) cases e 2. 129 (46,4%) cases of Ocular alterations newborn - 69,8% cases of ROP, 18,9% cases of conjunctivitis, 4,1% cataract, 3,6% cases of strabismus, 2,5% uveitis, 0,8% ocular congenital abnormalities. CONCLUSIONS: Almost half of patients showed the ocular alterations: ROP, conjunctivitis, cataract, strabismus, and uveitis.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

55

Caracterização farmacognóstica das folhas e sementes de Albizia lebbeck (L.) Benth. (Fabaceae)/ Pharmacognostic characterization of leaves and seeds of Albizia lebbeck (L.) Benth. (Fabaceae)

Miranda, Cláudia G.; Arantes, Maria do Carmo B.; Rezende, Maria Helena; Oliveira, Leila M.G.; Freitas, Mara R .F.; Nogueira, João C. M.; Paula, José R.; Bara, Maria Teresa F.
2009-06-01

Resumo em português Albizia lebbeck (L.) Benth. é popularmente conhecida no Brasil por coração-de-negro. É uma espécie aclimatada nesse país. As sementes dessa espécie são utilizadas no tratamento de diarréia, disenteria e hemorróidas e as folhas, no tratamento de úlceras e nas conjuntivites alérgicas. Este trabalho foi realizado com a finalidade de determinar as características macroscópicas e microscópicas das folhas e sementes dessa planta, uma vez que estas são as partes (mais) usadas popularmente. Algumas características de valor na sua diagnose foram apontadas e ilustradas por fotomicrografias. Reações de fitoquímica e a determinação do conteúdo de água e de cinzas foram realizadas no pó das folhas e sementes de A. lebbeck. Saponinas, alcalóides e cumarinas foram detectados nas folhas e sementes; flavonóides foram também identificados nas folhas. O teor de umidade foi 6,78% e 7,91%, respectivamente, para o pó das folhas e sementes. Os valores de cinzas totais e cinzas insolúveis em ácido foram 9,60% e 0,62% para as folhas e 4,13% e 0,21% para as sementes. Os dados obtidos são importantes para o controle de qualidade dessa planta medicinal. O extrato bruto da planta não apresentou atividade antibacteriana. Resumo em inglês Albizia lebbeck (L.) Benth., is popularly known in Brazil as "coração-de-negro". It is a species acclimatized in Brazil. The seeds of this species are used to treat diarrhea, dysentery and hemorrhoids and the leaves are used for the treatment of ulcers and allergic conjunctivitis. The purpose of this work was to determine the macroscopic and microscopic characteristics of the leaves and seeds of this plant, since these are the parts used popularly. Some characters of di (mais) agnostical value are pointed out and illustrated by photomicrographs. Phytochemistry reactions and determination of water and ash were done on the powder of A. lebbeck. Saponins, alkaloids, coumarins were detected in the leaves and seeds; flavonoids were also detected in the leaves. The content of water was 6.78% and 7.91%, respectively, for leaf and seed powder. The values of total ashes and acid insoluble ashes were 9.60% and 0.62% for leaf, and 4.13% and 0.21%, for seed powder. The data obtained are important for the quality control of this medicinal plant. The crude extract of this plant did not show antibacterial activity.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

56

Saúde e trabalho rural: o caso dos trabalhadores da cultura canavieira na região de Ribeirão Preto, São Paulo, Brasil/ Health and work in rural areas: sugar cane plantation workers in Ribeirão Preto, São Paulo, Brazil

Alessi, Neiry Primo; Navarro, Vera Lucia
1997-01-01

Resumo em português O presente trabalho destaca a análise do processo de trabalho do cortador da cana-de-açúcar na região nordeste do Estado de São Paulo, Brasil, buscando apreender os seus padrões de desgaste-reprodução. Com base em observações diretas, entrevistas com trabalhadores e outros agentes envolvidos na produção e consultas à bibliografia pertinente, a análise desenvolvida revela a exposição diária dos cortadores de cana a cargas físicas, químicas e biológicas, (mais) que se traduzem em uma série de doenças, traumas, ou acidentes a elas relacionadas: dermatites, conjuntivites, desidratação, cãimbras, dispnéias, infecções respiratórias, alterações da pressão arterial, ferimentos e outros acidentes; destacando-se também cargas biopsíquicas configurando padrões de desgaste manifestos através de dores na coluna vertebral, dores torácicas, lombares, de cabeça e tensão nervosa e outros tipos de manifestações psicossomáticas. O estudo desse processo de trabalho permitiu não apenas detectar as condições insalubres do trabalho, mas também delinear um quadro das condições e meios de que o capital se vale, no Brasil, no seu processo de auto-reprodução, particularmente, no setor agro-industrial. Resumo em inglês This study is based on an understanding of health and rural labor as a social process related to the characteristics of the agrarian issue in Brazilian society, focusing on sugar cane cutters in northeastern São Paulo State, Brazil, and attempting to identify patterns of attrition and reproduction in such labor. Based on direct observations, interviews with laborers and other agents involved in production, and a related bibliographical review, the analysis points to dail (mais) y exposure of cane cutters to physical, chemical, and biological hazards resulting in various diseases, traumas, and accidents: dermatitis, conjunctivitis, dehydration, cramps, dyspnea, respiratory infections, high blood pressure, and wounds, besides aggravating the biopsychic burden underlying attrition patterns showing up in the spinal column, chest, head, and lumbar pains, nervous breakdowns, and other kinds of psychosomatic manifestations. This study of the work process pointed up its unhealthy working conditions and helped provide an overview of the conditions and means by which capital asserts itself in Brazil - in its self-reproduction process - especially in the agro-industrial sector.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

57

Saúde e trabalho rural: o caso dos trabalhadores da cultura canavieira na região de Ribeirão Preto, São Paulo, Brasil/ Health and work in rural areas: sugar cane plantation workers in Ribeirão Preto, São Paulo, Brazil

Alessi, Neiry Primo; Navarro, Vera Lucia
1997-01-01

Resumo em português O presente trabalho destaca a análise do processo de trabalho do cortador da cana-de-açúcar na região nordeste do Estado de São Paulo, Brasil, buscando apreender os seus padrões de desgaste-reprodução. Com base em observações diretas, entrevistas com trabalhadores e outros agentes envolvidos na produção e consultas à bibliografia pertinente, a análise desenvolvida revela a exposição diária dos cortadores de cana a cargas físicas, químicas e biológicas, (mais) que se traduzem em uma série de doenças, traumas, ou acidentes a elas relacionadas: dermatites, conjuntivites, desidratação, cãimbras, dispnéias, infecções respiratórias, alterações da pressão arterial, ferimentos e outros acidentes; destacando-se também cargas biopsíquicas configurando padrões de desgaste manifestos através de dores na coluna vertebral, dores torácicas, lombares, de cabeça e tensão nervosa e outros tipos de manifestações psicossomáticas. O estudo desse processo de trabalho permitiu não apenas detectar as condições insalubres do trabalho, mas também delinear um quadro das condições e meios de que o capital se vale, no Brasil, no seu processo de auto-reprodução, particularmente, no setor agro-industrial. Resumo em inglês This study is based on an understanding of health and rural labor as a social process related to the characteristics of the agrarian issue in Brazilian society, focusing on sugar cane cutters in northeastern São Paulo State, Brazil, and attempting to identify patterns of attrition and reproduction in such labor. Based on direct observations, interviews with laborers and other agents involved in production, and a related bibliographical review, the analysis points to dail (mais) y exposure of cane cutters to physical, chemical, and biological hazards resulting in various diseases, traumas, and accidents: dermatitis, conjunctivitis, dehydration, cramps, dyspnea, respiratory infections, high blood pressure, and wounds, besides aggravating the biopsychic burden underlying attrition patterns showing up in the spinal column, chest, head, and lumbar pains, nervous breakdowns, and other kinds of psychosomatic manifestations. This study of the work process pointed up its unhealthy working conditions and helped provide an overview of the conditions and means by which capital asserts itself in Brazil - in its self-reproduction process - especially in the agro-industrial sector.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

58

Um mês em um pronto-socorro de oftalmologia em Brasília/ One month in an eye emergency clinic in Brasilia

Vieira, Geraldo Magela
2007-10-01

Resumo em português OBJETIVO: Avaliar as consultas realizadas em um serviço de emergência oftalmológica em Brasília, Distrito Federal, Brasil, durante o período de um mês. MÉTODOS: Revisão retrospectiva de prontuários de pacientes atendidos no período entre 1 e 30 de setembro de 2003 no Pronto Socorro Oftalmológico do Hospital de Base de Brasília. RESULTADOS: A idade média dos pacientes foi de 32,9 ± 18,0 anos (variando entre zero e 90). Setenta por cento dos pacientes pe (mais) rtenciam ao grupo de população economicamente ativa (20 aos 59 anos). Sessenta e dois por cento dos pacientes atendidos pertenciam ao sexo masculino (n=1.777) e 38% ao sexo feminino (n=1.067). Dezessete por cento do pacientes atendidos procederam de outros estados, 83% possuíam endereço domiciliar no próprio Distrito Federal. Em 3% dos prontuários não constavam endereços. Dos pacientes residentes no próprio DF, 84% procederam de localidades distantes pelo menos 30 km do local da emergência. Traumas oculares de qualquer natureza foram as doenças mais freqüentes (n=730/30%), seguidos por conjuntivites (n=568/24%). Em 457 (16%) prontuários não houve qualquer preenchimento. CONCLUSÃO: O serviço público de emergência oftalmológica do DF está mal localizado. A grande maioria dos pacientes se apresenta com doenças de menor importância. Estes fatos somados ao excesso de fichas em branco demonstram que o sistema público de saúde em oftalmologia do Distrito Federal necessita de mudanças. Resumo em inglês PURPOSE: To evaluate all the visits to the ophthalmic emergency service in Brasília, Distrito Federal, Brazil, through a 1-month period. METHODS: A retrospective chart review was carried out of all patients attending the ophthalmology emergency department of the "Hospital de Base de Brasília" during September 1 to 30, 2003. RESULTS: Mean age was 32.9 ± 18.0 years (ranging from zero to 90). Seventy per cent of patients were of the working age category (from 20 to (mais) 59 years-old). Sixty-two per cent of the patients were male (n=1,777) and 38% female (n=1,067). Seventeen per cent of the patients lived in another state, and 83% lived in the Distrito Federal itself. In 3% of the charts, no address was informed. In the group of patients residents of the Distrito Federal, 84% lived at least 30 km away from the "Hospital de Base". Ocular traumas of any nature were the most frequent occurrence (n=730/30%), followed by conjunctivitis (n=568/24%). Doctors have not filled out 457 charts (16%). CONCLUSION: The ophthalmic emergency service of the "Hospital de Base" de Brasília is not properly located. The great majority of patients presented with common pathologies, emphasizing the need for a primary care system. This aspects plus the lack of information in a great number of charts suggests that the ophthalmic public health system in the "Distrito Federal" requires changes.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

59

Febre purpúrica brasileira, virulência em modelo animal do Haemophilus Aegyptius (H. influenzae biogrupo aegyptius)/ Brazilian purpuric fever, virulence in animal model of Haemophilus Aegyptius (H. influenzae biogroup aegyptius)

Brandileone, M.C.C.; Zanella, R.C.; Tondella, M.L.C.; Gheesling, L.; Vieira, V.S.D.; Carlone, G.M.; Grupo de Estudo da Febre Purpúrica Brasileira
1993-06-01

Resumo em português Febre Purpúrica Brasileira (FPB) é causada por cepas invasoras de Haemophilus aegyptius (H. influenzae biogrupo aegyptius, Hae). Estas cepas invasoras foram diferenciadas de cepas de Hae associadas apenas a conjuntivites (cepas não invasoras) através de marcadores moleculares específicos. Modelo de ratos recém nascidos depletados de complemento foi aplicado ao estudo de cepas de Hae, associadas e não associadas a FPB, com o objetivo de se caracterizar seus potencia (mais) is de virulência. Com dose infectante de 10(5) células, as cepas invasoras causaram bacteriemia em 80-100% dos ratos inoculados,.e a magnitude da bacteriemia variou de 10(2,5±0,49) a > 10(4,69) ufc/ml de sangue. Usando a mesma dose infectante as cepas controles não causaram bacteriemia frequente (0 a 50%) e a magnitude variou de 0 a 10(3,69±0,53) ufc/ml de sangue. As doses infectantes capazes de causar bacteriemia em 50% dos ratos inoculados (DB50%) para as cepas invasoras de Hae variaram de 10(7,3) bactérias. Imunização passiva com antissoros produzidos com cepas invasoras demonstrou que os ratos foram protegidos das bacteriemias causadas pelas cepas homólogas, mas não da infecção causada pela cepa heteróloga. Comparando a bacteriemia causada pelas cepas de Hae com a bacteriemia causada pelo H. influenzae b, cepa Eagan (Hib), foi demonstrado o maior potencial de invasibilidade de Hib. Este modelo animal demonstrou ser útil para esclarecer o maior potencial de virulência das cepas invasoras de Hae. Resumo em inglês Brazilian purpuric fever (BPF) is caused by invasive strains of Haemophilus aegyptius (H.influenzae biogroup aegyptius, Hae). These strains were differentiated from Hae strains associated only with conjunctivitis (non-invasive Hae strains) through specific molecular markers. Complement-depleted infant rat model was used to study the invasive and non-invasive Hae strains to compare their virulence potential. Inoculating 10(5) bacteria in the rats, the invasive strains caus (mais) ed 80 to 100% bacteremia and the intensity of bacteremia was 10(2,5±0,49) to > 10(4,69) cfu/ml of blood. Using the same infectious dose, the non-invasive strains did not cause frequent bacteremia (0 to 50%) and the intensity was 0 to 10(3,69±0,53) cfu/ml of blood. The infectious doses able to cause 50% of bacteremia in the rats (BD 50%) varied from 10(7,3) bacteria for non-invasive strains. Passive immunization using antisera to invasive strains protected rats against bacteremia caused by homologous strains, but not by heterologous strain. By comparing the bacteremia caused by Hae and bacteremia caused by H. influenzae b (Eagan strain, Hib), it was demonstrated that Hib had higher virulence potential. This animal model was useful to clarify the virulence potential of invasive Hae strains.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

60

Morbidade em creche de Brasília: estudo longitudinal de incidência de enfermidades no ano de 1977/ Morbidity in a Brasilia day care center: a longitudinal study of disease incidence in 1977

Low, Ana Maria; Pereira, Maurício Gomes
1980-12-01

Resumo em português Foi feito estudo longitudinal de morbidade em creche de Brasília (Brasil) freqüentada por crianças com bom estado nutricional. Foram admitidas na creche durante o ano de 1977 o total de 67 crianças (34 do sexo masculino e 33 do sexo feminino), com idade entre 3 e 21 meses. Infecções de vias aéreas superiores (25,4%), diarréia (23,6%) e febre não esclarecida (18,4%) representaram dois terços dos diagnósticos. A seguir, em ordem de freqüência, apareceram conjun (mais) tivite (15,5%), viroses da infância (7,9%), doenças de pele (3,8%), pequenos acidentes (2,6%), hepatite (2,6%) e meningococcemia (0,3%). Houve um total de 343 episódios agudos, dando uma taxa de incidência de 14 enfermidades por criança por ano, independente de sexo e idade. Resumo em inglês A longitudinal morbidity study was carried out in a day care center in Brasilia (Brazil) on a sample of 67 (34 male and 33 female, 3 to 21 months of age) well-fed children from middle-class families. A pediatrician was on duty daily in the center. The incidence of disease was: upper respiratory, 25.4%; diarrhea, 23.6%; and undetermined fever, 18.4%. These represented 2/3 of the diagnoses. The other diseases found (and here listed in order of frequency) were: conjunctiviti (mais) s, 15.5%; childhood infections, 7.9%; skin diseases, 3.8%; accidents, 2.6%; hepatitis, 2.6%; and meningitis, 0.3%. There were a total of 343 acute illnesses, giving a mean incidence rate of 14 illnesses per child per year, independent of sex and age. Perhaps the incidence of illnesses would have been lower if the children had not been attending the center, a natural factor in the dissemination of communicable diseases.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

61

Morbidade em creche de Brasília: estudo longitudinal de incidência de enfermidades no ano de 1977/ Morbidity in a Brasilia day care center: a longitudinal study of disease incidence in 1977

Low, Ana Maria; Pereira, Maurício Gomes
1980-12-01

Resumo em português Foi feito estudo longitudinal de morbidade em creche de Brasília (Brasil) freqüentada por crianças com bom estado nutricional. Foram admitidas na creche durante o ano de 1977 o total de 67 crianças (34 do sexo masculino e 33 do sexo feminino), com idade entre 3 e 21 meses. Infecções de vias aéreas superiores (25,4%), diarréia (23,6%) e febre não esclarecida (18,4%) representaram dois terços dos diagnósticos. A seguir, em ordem de freqüência, apareceram conjun (mais) tivite (15,5%), viroses da infância (7,9%), doenças de pele (3,8%), pequenos acidentes (2,6%), hepatite (2,6%) e meningococcemia (0,3%). Houve um total de 343 episódios agudos, dando uma taxa de incidência de 14 enfermidades por criança por ano, independente de sexo e idade. Resumo em inglês A longitudinal morbidity study was carried out in a day care center in Brasilia (Brazil) on a sample of 67 (34 male and 33 female, 3 to 21 months of age) well-fed children from middle-class families. A pediatrician was on duty daily in the center. The incidence of disease was: upper respiratory, 25.4%; diarrhea, 23.6%; and undetermined fever, 18.4%. These represented 2/3 of the diagnoses. The other diseases found (and here listed in order of frequency) were: conjunctiviti (mais) s, 15.5%; childhood infections, 7.9%; skin diseases, 3.8%; accidents, 2.6%; hepatitis, 2.6%; and meningitis, 0.3%. There were a total of 343 acute illnesses, giving a mean incidence rate of 14 illnesses per child per year, independent of sex and age. Perhaps the incidence of illnesses would have been lower if the children had not been attending the center, a natural factor in the dissemination of communicable diseases.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

62

Citologia de impressão na ceratoconjuntivite primaveril/ Impression cytology in vernal conjunctivitis

Camargo, Gustavo Bueno de; Nishiwaki-Dantas, Maria Cristina; Barros, Jeison de Nadai; Lake, Jonathan Clive
2004-12-01

Resumo em português OBJETIVO: Estudar as alterações conjuntivais provocadas pela inflamação crônica na ceratoconjuntivite primaveril por meio da citologia de impressão. MÉTODOS: Foram analisadas amostras do epitélio conjuntival de 30 pacientes com ceratoconjuntivite primaveril e 30 indivíduos normais. O material foi colhido da conjuntiva bulbar superior, utilizando papel de filtro com poros de 0,45 µm. Em seguida, o material foi fixado e, após 4 dias, corado com PAS, hematoxilina (mais) eosina e Papanicolaou modificado. A leitura das lâminas foi realizada por meio de microscopia óptica e foram avaliados os seguintes parâmetros: células polimorfonucleares, junções intercelulares, mucina, células caliciformes e relação núcleo/citoplasma. Após isso, cada lâmina foi graduada segundo a escala de Nelson. O nível de significância estatística foi de 5%. RESULTADOS: Nos casos com ceratoconjuntivite primaveril observaram-se mais células polimorfonucleares, maior comprometimento das junções intercelulares, menor quantidade de mucina e maior alteração na relação núcleo/citoplasma que no grupo controle. Não houve diferença na quantidade de células caliciformes. A graduação pela escala de Nelson mostrou acometimento generalizado da conjuntiva na ceratoconjuntivite primaveril. CONCLUSÃO: A citologia de impressão é capaz de identificar o grau de acometimento conjuntival dos pacientes com ceratoconjuntivite primaveril. Resumo em inglês PURPOSE: To study conjunctival surface changes caused by chronic inflammation in vernal keratoconjunctivitis using impression cytology. METHODS: Samples of conjunctival epithelium were collected from 30 patients with vernal keratoconjunctivitis and 30 patients without ocular diseases that were used as a control group. Each sample was collected from the superior bulbar conjunctiva using filter paper with 0.45µm pores. The material was then fixed and dyed with PAS, HE, and (mais) modified Papanicolaou. The tissue was examined with an optical microscope evaluating the following parameters: polymorphonuclear cells, intercellular junctions, mucin, goblet cells, and nuclear/cytoplasm (N/C) ratios. Thereafter, each sample was graded using the Nelson classification. RESULTS: Samples from patients with vernal keratoconjunctivitis presented larger amounts of polymorphonuclear cells, smaller amounts of mucin, and more alterations in the nuclear/cytoplasm ratios than in the control group. The amount of goblet cells did not vary. The Nelson classification showed a general inflammatory involvement of the conjunctiva in vernal keratoconjunctivitis. CONCLUSION: Impression cytology was able to evaluate and characterize the degree of inflammatory involvement of the conjunctiva in vernal keratoconjunctivitis.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

63

Avaliação da abordagem palpebral subtarsal no tratamento cirúrgico das fraturas zigomático-orbitais/ Evaluation of palpebral subtarsal approach in surgical treatment of orbito-zigomatic fractures

Timóteo, Carlos Alberto; Chagas, José Francisco de Salles; Rapoport, Abrão; Denardin, Odilon Victor Porto
2009-10-01

Resumo em português OBJETIVO: avaliar as complicações, vantagens e desvantagens da abordagem subtarsal quando utilizada para exposição da borda infra-orbital e do assoalho da órbita em fraturas zigomático-orbitais. MÉTODOS: Estudo retrospectivo de 41 incisões subtarsais empregadas em 39 pacientes com fraturas do complexo zigomático e/ou do assoalho da órbita do tipo blow-out, no período de janeiro de 2002 a dezembro de 2006. RESULTADOS: As complicações observadas foram conjuntiv (mais) ite, epífora e cicatriz aparente em seis (14,6%), cinco (12,2%) e dois (4,9%) dos casos, respectivamente. Não houve presença de ectrópio, entrópio ou esclera aparente nos pacientes reavaliados. CONCLUSÃO: As principais vantagens dessa abordagem são os resultados estéticos e funcionais associados aos benefícios trans-operatórios. Resumo em inglês OBJECTIVE: To evaluate the complications, advantages and disadvantages of the subtarsal approach when used to exposure the orbital rim and orbital floor in orbitozygomatic fractures. METHODS: Retrospective study of the 41 subtarsal incisions that were used in 39 patients with fractures of the zygomatic complex and/or orbital floor, of blowout type, between January 2002 and December 2006. RESULTS: The observed complications were conjunctivitis, epiphora and noticeable scar (mais) , in six (14,6%), five (12,2%) and two (4.9%) of the cases, respectively. There was no ectropion, entropion or scleral show in the patients reevaluated. CONCLUSIONS: The main advantages of this approach are the esthetic result together with the transoperative benefits.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

64

Aborto espontâneo de repetição e atopia/ Recurrent spontaneous abortion and atopy

Mattar, Rosiane; Camano, Luiz; Daher, Silvia
2003-06-01

Resumo em português OBJETIVO: nosso objetivo foi avaliar se existe associação entre aborto espontâneo recorrente e atopia. MÉTODO: foi realizado estudo caso-controle prospectivo, envolvendo 230 mulheres: 71 com história de aborto espontâneo recorrente (grupo A) e 159 com história de sucesso gestacional (grupo B). A avaliação incluiu questionário realizado com o objetivo de investigar a história pessoal de atopia pelo relato de dermatite atópica, urticária, rinite, asma, conjunti (mais) vite e manifestações gastrointestinais. Foi também determinada a presença de IgE específica a pool de inalantes (Phadiatop), pela realização no sangue de reação de fluorescência enzimática. Os resultados foram analisados pelo teste exato de Fisher, tendo sido considerado significante p Resumo em inglês PURPOSE: to evaluate whether there is an association between recurrent spontaneous abortion and atopy. METHODS: this was a case-control study with 230 women: 71 with a history of recurrent spontaneous abortion (group A) and 159 with a history of successful pregnancy (group B). The evaluation included a questionnaire in order to investigate the personal history of atopy, considering symptoms of atopic dermatitis, urticaria, rhinitis, asthma, conjunctivitis and gastric or i (mais) ntestinal symptoms. The presence of specific IgE in response to a pool of inhalants, Phadiatop, detected by an enzymatic fluorescence reaction in blood was also investigated. The data were analyzed by Fisher's exact test and a p value

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)