Sample records for ceilings
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 4 shown.



1

Colonização de ecótopos artificiais pelo Panstrongylus megistus na ilha de Santa Catarina, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil/ Colonization of artificial ecotopes by Panstrongylus megistus at Santa Catarina Island, Florianópolis, Santa Catarina, Brazil

Steindel, Mário; Toma, Helena Keiko; Carvalho Pinto, Carlos José de; Grisard, Edmundo Carlos; Schlemper Jr, Bruno Rodolfo
1994-02-01

Resumo em português Objetivando verificar a colonização de Panstrongylus megistus em ecótopos artificiais em Florianópolis foram examinados, de 1985 a 1992, 779 anexos peridomiciliares (524 galinheiros, 46 currais e 209 ranchos) em 9 localidades e 443 domicílios no distrito de Lagoa, todos na Ilha de Santa Catarina. Todo o ecótopo, incluindo forro e porão das casas, era examinado após aplicação de líquido insentífugo (Pirisa a 5%). A pesquisa nos anexos peri-domiciliares revelou (mais) 3 galinheiros e um rancho positivo no distrito de Lagoa, onde foram também encontrados 2 domicílios colonizados pelo P. megistus, com a captura de ovos, ninfas e adultos em todos os ecótopos. Pesquisas dirigidas foram realizadas em dois outros domicílios e em uma escola, nos quais os moradores haviam detectado anteriormente exemplares de P. megistus e, em todos os 3, foi confirmada a colonização pelo triatomíneo. Nos 9 ecótopos artificiais foram coletados 559 ovos, 305 ninfas e 24 adultos de P. megistus, com um índice de infecção pelo T. cruzi de 53,3% (182/329). Índice de infecção semelhante, de 56,5% (78/ 138), foi também encontrado nos adultos de P. megistus oriundos dos ecótopos silvestres e capturados nos domicílios pelos moradores, no período de 1983 a 1991. Os testes de precipitina revelaram, em 94,0% dos insetos examinados (170/181), sangue de uma única fonte alimentar e presença de sangue humano em 80,6% (25/31) dos adultos e em 5,8% (1/17) das ninfas capturados nos domicílios. Os resultados encontrados sugerem a necessidade de adoção de medidas de vigilância epidemiológica com a participação da comunidade, face o risco potencial de domiciliação do P. megistus. Resumo em inglês The aim of this work was to verify the colonization of Panstrongylus megistus on artificial ecotopes in Florianópolis, in the Santa Catarina Island, South Brazil. For this purpose 443 houses of the Lagoa district and 779 house annexes (524 chicken-houses, 46 corrals and 209 storage-houses) in 9 different places were examined from 1985 to 1992. These ecotopes, which include ceilings and basements, were checked after application of dislodging liquid (Pirisa 5%). Colonizati (mais) on by P. megistus was verified in two houses, three chicken-houses and one storage-house of the Lagoa district, where eggs, nymphs and adults were collected. To verify local reports of P. megistus occurrence, another two houses and one school were investigated. The colonization at all of these places was confirmed. In the 9 artificial ecotopes examined, 559 eggs, 305 nymphs and 24 adults were collected. The infection rate of P. megistus by Trypanosoma cruzi was 55.3% (182/ 329). A similar infection rate of 56.5% (78/138) was obtained in adults of P. megistus from sylvatic ecotopes and in adults captured in the houses by the inhabitants between 1983 to 1991. Precipitin tests revealed blood from just one source in 94.0% of the insects (170/181). Human blood was found in 80.6% (25/31) of the adults and in 5.8% (1/17) of the nymphs captured in the houses. These results suggest the need to ally serious epidemiologic vigilance to the effort of the inhabitants in order to avoid the risk of domiciliation of P. megistus in the houses.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

CEOs e composição do conselho de administração: a falta de identificação pode ser motivo para existência de teto de vidro para mulheres no Brasil?/ CEOs and board composition: can the lack of identification be a reason for glass ceilings in Brazil?

Madalozzo, Regina
2011-02-01

Resumo em português O aumento significante da participação feminina na força de trabalho não impediu que permanecessem as diferenças com relação aos salários e à igualdade de tratamento nas promoções com relação ao gênero. Segundo a teoria da divisão do trabalho dentro da família, de acordo com as vantagens relativas de cada membro do casal (Becker, 1965), a diferença salarial e de promoção pode implicar menor investimento por parte das mulheres em seu aperfeiçoamento pro (mais) fissional. Neste trabalho, utilizamos uma base de dados inédita, referente a 370 empresas, que possibilita a investigação sobre a existência de teto de vidro para as mulheres no Brasil. Utilizando a metodologia empírica de probit, que permite a análise de variáveis binárias qualitativas, como a presença de uma mulher ou um homem no cargo mais elevado de uma empresa, concluiu-se neste estudo que existe uma relação entre a dificuldade da promoção de mulheres e a existência de um Conselho de Administração para ela. Com base na análise de Westphal e Fredrickson (2001), pode-se dizer que os resultados encontrados mostram que o Conselho de Administração busca escolher um CEO (do inglês Chief Executive Officer) que represente ao máximo seu próprio perfil de atuação e que, sendo o Conselho majoritariamente masculino, indivíduos do sexo feminino sofrem maior resistência à promoção. Resumo em inglês The significant growth of female labor market participation did not resolve the gender-related differences concerning wages and promotion. According to the family division of work theory, a comparative advantage between the couple would determine the home and market division of work (Becker, 1965). The wage gap and promotion rates differential could imply less investment by women in their professional background. In the present work, we use a unique dataset of 370 compani (mais) es that enable the testing of the glass ceiling phenomenon for women in Brazil. Using the empirical probit methodology that enables a qualitative binary analysis of the major occupation of men or women in the companies, the main conclusion of this study is related to the complexity of female promotion if there is a Board of Administration at the company level. Following the analysis of Westphal and Fredrickson (2001), our results show that the Board usually chooses a CEO that better represents its own profile and, being mostly composed of males, there is greater resistance to female promotion.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

Abelhas africanizadas em área metropolitana do Brasil: abrigos e influências climáticas/ Africanized bees in a metropolitan area of Brazil: shelters and climatic influences

Mello, Maria Helena Silva Homem de; Silva, Elisabete Aparecida da; Natal, Delsio
2003-04-01

Resumo em português OBJETIVO: Abelhas africanizadas são mais agressivas, enxameiam várias vezes ao ano e utilizam grande variedade de locais para nidificar, diferentemente das européias. Tal comportamento proporciona maior contato com a população, o que pode aumentar o número de acidentes. Assim, realizou-se estudo com o objetivo de conhecer o comportamento dessas abelhas, assim como a identificação de estratégias mais eficientes de manejo e orientação à população. MÉTODOS: A (mais) fonte de dados foi constituída de 3.061 registros de solicitações da população atendidas pelo Centro de Controle de Zoonoses do Município de São Paulo, de 1994 a 1997, para retirada de colméias e enxames. Foram analisados locais mais freqüentes de instalação de colônias e pouso de enxames, além da correlação com variáveis climáticas. Para isso, utilizou-se o coeficiente de Pearson. RESULTADOS: Os valores diários apresentaram correlação positiva com temperatura média e grau de insolação, e negativa com umidade relativa e pluviosidade. As colônias instalaram-se preferencialmente em construções artificiais; os enxames em árvores. CONCLUSÕES: Períodos do ano com altas temperaturas e baixo índice pluviométrico estão relacionados a maior atividade das abelhas e maior número de enxames, propiciando maior contato com a população. Objetos como caixas e tambores não devem ficar expostos; deve-se vedar forros e paredes, pois são abrigos em potencial para colônias e enxames. Áreas arborizadas servem de refúgio para enxames. Deve-se ter atenção em contato com áreas verdes e não se deve manusear enxames. Resumo em inglês OBJECTIVE: Africanized bees are the most aggressive bees, form swarms several times a year and build their nests in a great variety of places different from European bees. This behavior brings them into closer contact with human populations, thus giving rise to a larger number of injuries. A study was carried out to gain greater knowledge on these bees' behavior and thus create more efficient strategies for dealing with them and educating the population on this regard. ME (mais) THODS: Data consisted of 3,061 registries of requests to the Center for the Control of Animal Diseases of São Paulo for removing bee colonies and wandering swarms in the period between 1994 and 1997.An evaluation of the most frequent nesting sites and their correlation with climatic variables was conducted using Pearson's coefficient. RESULTS: There were 3,061 requests in the study period and the daily volume had a positive correlation with average temperature and degree of insolation and a negative correlation with relative humidity and rainfall. The colonies showed a likelihood for nesting in artificial constructions and the wandering swarms for nesting in trees. CONCLUSIONS: Those periods of the year characterized by high temperatures and low rainfall are related to greater activity of bees and a larger number of wandering swarms, thus giving rise to increased contact with human populations. Items such as boxes and oil-drums should not be left outdoors and ceilings and walls should be sealed off, as they are potential nesting sites for colonies and swarms. Wooded areas may harbor swarms, thus care should always be taken when in the proximity of such areas. No attempt should be made to handle swarms.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

4

Abelhas africanizadas em área metropolitana do Brasil: abrigos e influências climáticas/ Africanized bees in a metropolitan area of Brazil: shelters and climatic influences

Mello, Maria Helena Silva Homem de; Silva, Elisabete Aparecida da; Natal, Delsio
2003-04-01

Resumo em português OBJETIVO: Abelhas africanizadas são mais agressivas, enxameiam várias vezes ao ano e utilizam grande variedade de locais para nidificar, diferentemente das européias. Tal comportamento proporciona maior contato com a população, o que pode aumentar o número de acidentes. Assim, realizou-se estudo com o objetivo de conhecer o comportamento dessas abelhas, assim como a identificação de estratégias mais eficientes de manejo e orientação à população. MÉTODOS: A (mais) fonte de dados foi constituída de 3.061 registros de solicitações da população atendidas pelo Centro de Controle de Zoonoses do Município de São Paulo, de 1994 a 1997, para retirada de colméias e enxames. Foram analisados locais mais freqüentes de instalação de colônias e pouso de enxames, além da correlação com variáveis climáticas. Para isso, utilizou-se o coeficiente de Pearson. RESULTADOS: Os valores diários apresentaram correlação positiva com temperatura média e grau de insolação, e negativa com umidade relativa e pluviosidade. As colônias instalaram-se preferencialmente em construções artificiais; os enxames em árvores. CONCLUSÕES: Períodos do ano com altas temperaturas e baixo índice pluviométrico estão relacionados a maior atividade das abelhas e maior número de enxames, propiciando maior contato com a população. Objetos como caixas e tambores não devem ficar expostos; deve-se vedar forros e paredes, pois são abrigos em potencial para colônias e enxames. Áreas arborizadas servem de refúgio para enxames. Deve-se ter atenção em contato com áreas verdes e não se deve manusear enxames. Resumo em inglês OBJECTIVE: Africanized bees are the most aggressive bees, form swarms several times a year and build their nests in a great variety of places different from European bees. This behavior brings them into closer contact with human populations, thus giving rise to a larger number of injuries. A study was carried out to gain greater knowledge on these bees' behavior and thus create more efficient strategies for dealing with them and educating the population on this regard. ME (mais) THODS: Data consisted of 3,061 registries of requests to the Center for the Control of Animal Diseases of São Paulo for removing bee colonies and wandering swarms in the period between 1994 and 1997.An evaluation of the most frequent nesting sites and their correlation with climatic variables was conducted using Pearson's coefficient. RESULTS: There were 3,061 requests in the study period and the daily volume had a positive correlation with average temperature and degree of insolation and a negative correlation with relative humidity and rainfall. The colonies showed a likelihood for nesting in artificial constructions and the wandering swarms for nesting in trees. CONCLUSIONS: Those periods of the year characterized by high temperatures and low rainfall are related to greater activity of bees and a larger number of wandering swarms, thus giving rise to increased contact with human populations. Items such as boxes and oil-drums should not be left outdoors and ceilings and walls should be sealed off, as they are potential nesting sites for colonies and swarms. Wooded areas may harbor swarms, thus care should always be taken when in the proximity of such areas. No attempt should be made to handle swarms.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)