Sample records for boll weevil
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 10 shown.



1

Aspectos biológicos de adultos de um parasitóide do bicudo do algodoeiro/ Biological aspects of a parasitoid of the cotton boll weevil


1999-10-01

Bracon sp. é um importante agente de controle biológico de Anthonomus grandis (Boheman). Estudaram-se em laboratório, aspectos biológicos de Bracon sp., utilizando-se como hospedeiro larva do bicudo do algodoeiro, a temperatura de 26 ± 2oC, 70 ± 5% UR e fotofase de 12 horas. O ciclo biológico de Bracon sp. teve duração média de 11,7 dias, o período de incubação de 1 dia, o período médio larval de 3,9 dias, com 4 estádios; a viabilidade larval de 98,7%, o p

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

Seleção de isolados de Beauveria bassiana patogênicos ao bicudo-do-algodoeiro/ Selection of isolates of Beauveria bassiana pathogenic to cotton boll weevil


2001-02-01

Objetivou-se selecionar isolados de Beauveria bassiana (Balsamo) Vüillemin provenientes de diferentes hospedeiros e regiões geográficas, patogênicos ao Anthonomus grandis, o bicudo-do-algodoeiro. Foram analisados 12 isolados em condições de laboratório. Os isolados obtidos originalmente de A. grandis foram pouco virulentos a essa praga. A mortalidade do bicudo teve início no segundo dia após a inoculação das suspensões fúngicas, variando de 15% a 83%, com TL5

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

Comportamento de progênies oriundas de raças primitivas de algodão herbáceo frente ao ataque do bicudo/ Behavior of lines from cotton primitive race stocks to attack of the boll weevil


1999-12-01

Com o objetivo de obter linhagens resistentes ao bicudo-do-algodoeiro (Anthonomus grandis Boheman), a Embrapa-Centro Nacional de Pesquisa de Algodão vem testando progênies oriundas de raças primitivas de algodoeiro herbáceo (Gossypium hirsutum L.) originárias do México e da América Central, que apresentam níveis aceitáveis de resistência ao bicudo. Em 1991 e 1992, as progênies em BC1F5 e BC1F6 oriundas das linhagens Texas 277, Texas 326 e Texas 1180, Texas 297,

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

4

Aspectos biológicos de Catolaccus grandis (Burks) (Hymenoptera: Pteromalidae), parasitóide do bicudo do algodoeiro/ Biological aspects of Catolaccus grandis (Burks) (Hymenoptera: Pteromalidae) parasitoid of the cotton boll weevil


1997-12-01

Estudou-se em laboratório, aspectos biológicos do parasitóide Catolaccus grandis (Burks) utilizando como hospedeiro larvas de Anthonomus grandis (Boh.). O estudo foi conduzido a 26±2°C, 70±5% de UR e 12h fotofase. O ciclo biológico total do parasitóide foi de 16,2 dias. O período de incubação foi de 1,2 dias, com viabilidade dos ovos de 100%. A fase larval apresentou três instares com duração total de 7,2 dias e viabilidade de 97,2%. A duração pupal foi de

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

5

Influência da temperatura no desenvolvimento de Euborellia annulipes (Lucas) (Dermaptera: Anisolabididae), predador do bicudo-do-algodoeiro/ Influence of temperature on the development of Euborellia annulipes (Lucas) (Dermaptera: Anisolabididae), predator of cotton boll weevil


1998-03-01

Estudou-se a biologia e a influência da temperatura no desenvolvimento das formas jovens do predador Euborellia annulipes (Lucas). O estudo foi conduzido a 15, 20, 23, 25, 28, 30, 33, e 35ºC, 60 ± 10% UR e fotofase de 14 horas. A viabilidade de ovos variou de 72,5% (a 20°C) a 89,3% (a 28°C). Entretanto, ocorreu 100% de mortalidade dos ovos a 15° e 35°C. O período de incubação dos ovos variou de 6,9 dias (a 33°C) a 18,7 dias (a 20°C). Na fase ninfal, E. annulip

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

6

Mutantes morfológicos de algodoeiro herbáceo como fonte de resistência ao bicudo/ Morphological mutants of upland cotton as source of boll weevil resistance


2005-02-01

Este trabalho teve como objetivo avaliar os efeitos de três características morfológicas mutantes de linhagens de algodoeiro herbáceo (Gossypium hirsutum L. r. latifolium Hutch.), isoladas ou combinadas no mesmo genótipo, como fonte de resistência ao bicudo, Anthonomus grandis Boheman, 1843 (Coleoptera, Curculionidae). O experimento foi conduzido em campo, sob infestação natural, com delineamento de blocos ao acaso e arranjo fatorial 2

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

7

Preferência alimentar do bicudo-do-algodoeiro por frutos de diferentes cultivares e idades/ Boll weevil feeding preference for fruits of cotton cultivars at different ages


2004-02-01

O objetivo deste trabalho foi avaliar a preferência alimentar de adultos do bicudo-do-algodoeiro, Anthonomus grandis Boheman, 1843 (Coleoptera: Curculionidae), por duas cultivares de algodão (Gossypium hirsutum L.) com frutos de diferentes idades. Foram realizados quatro experimentos em laboratório, avaliando-se o número de orifícios de alimentação. Maçãs de 2, 8 e 12 dias de idade, das cultivares IAC-20 e Reba P288, foram oferecidas aos insetos, confinados em re

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

8

TABELA DE ESPERANÇA DE VIDA PARA ADULTOS DE Bracon sp. (HYMENOPTERA: BRACONIDAE) PARASITÓIDE DO BICUDO DO ALGODOEIRO


1997-09-01

A esperança de vida para adultos de Bracon sp foi avaliada em câmara climatizada regulada a temperatura de 26 ± 2°C, UR de 75 ± 5% e fotofase de 12 h. Foi registrada maior esperança de vida (ex) no início da vida, que foi de 7,46 dias. Os resultados evidenciaram que a liberação de Bracon sp. para o controle biológico do bicudo, deve ser a partir da emergência do adulto até o 15o dia, quando a sobrevivência foi máxima.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

9

Resistência de genótipos de algodoeiro a Anthonomus grandis Boh., Frankliniella sp. e Aphis gossypii Glover/ Resistance of cotton genotypes to Anthonomus grandis Boh., Frankliniella sp. and Aphis gossypii Glover


1997-04-01

Avaliou-se a resistência ao bicudo Anthonomus grandis Boh. ao tripes Frankliniella sp. e ao pulgão do algodoeiro Aphis gossypii Glover, dos genótipos do algodoeiro (Gossypium hirsutum) Sicot 3, Oklahoma Red, Siocra, Paraná 3 e da cultivar IAC-20 (testemunha). Para o bicudo foram feitas quatro avaliações, observando-se, diretamente nas plantas, botões com puncturas de alimentação e/ou oviposição. Para tripes e pulgões foram avaliadas, 32 dias após a emergênci

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

10

Efeitos de hospedeiros alternativos na biologia de Catolaccus grandis (Burks) (Hymenoptera: Pteromalidae), parasitóide de Anthonomus grandis Boheman (Coleoptera: Curculionidae)/ Effects of factitious hosts on biology of Catolaccus grandis (Burks) (Hymenoptera: Pteromalidae), a parasitoid of Anthonomus grandis boheman (Coleoptera: Curculionidae)


2003-06-01

Foram estudados, em câmara climatizada, a 30ºC, umidade relativa de 60 ± 10% e fotofase de 14h, os efeitos dos hospedeiros alternativos Euscepes postfasciatus (Fairmaire) e Callosobruchus maculatus (Fabricius) na reprodução e ataque de Catolaccus grandis (Burks), parasitóide do bicudo-do-algodoeiro. Os hospedeiros alternativos C. maculatus e E. postfasciatus, proporcionaram ao parasitóide, taxas de desenvolvimento superiores às apresentadas por A. grandis. As taxa

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)