Sample records for acromegaly
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 20 shown. Select sample records:



1

Acromegalia com níveis séricos basais do hormônio do crescimento dentro dos limites da normalidade


2000-10-01

A acromegalia é uma síndrome causada pela hipersecreção do hormônio de crescimento (GH). No entanto, alguns pacientes podem apresentar níveis séricos limítrofes, ou mesmo dentro da normalidade, dificultando o diagnóstico. Relatamos um caso de acromegalia cuja investigação diagnóstica inicial evidenciou níveis séricos basais de GH dentro dos limites da normalidade e tomografia computadorizada (TC) de sela túrcica normal. A confirmação da doença só foi es

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

Acromegalia e doença tiroideana: prevalência de câncer de tireóide/ Acromegaly and thyroid disease: prevalence of thyroid cancer


2005-10-01

A relação entre câncer e acromegalia tem sido objeto de estudo há muitos anos. A partir de um caso de carcinoma diferenciado de tireóide em um de nossos pacientes acromegálicos, estudamos uma série de 100 outros acromegálicos e encontramos dois outros casos de câncer de tireóide, descritos neste trabalho. A partir daí, levantamos os dados da literatura sobre esta última associação e sua possível patogênese. A prevalência de patologias tireoidianas é aume

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

Acromegalia: aspectos diagnósticos e terapêuticos: análise de 18 casos/ Acromegaly: diagnostic and therapeutic aspects. analysis of 18 cases


1997-01-01

Os autores fizeram estudo retrospectivo de 18 pacientes com acromegalia, que foram diagnosticados, tratados e acompanhados pelos Serviços de Endocrinologia e Neurocirurgia do Hospital Universitário Clementino Fraga Filho da Universidade Federal do Rio de Janeiro, no período de 1979 a 1985. A média de idade dos pacientes foi 43,2 anos (variação entre 15 e 63), as queixas clínicas iniciais se deveram principalmente às alterações somáticas (83,33%), em 50% dos cas

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

5

Resultados do tratamento cirúrgico na acromegalia com um único neurocirurgião e meta-análise cumulativa/ Outcome of surgical treatment for acromegaly performed by a single neurosurgeon and cumulative meta-analysis


2006-10-01

Avaliamos retrospectivamente os resultados da cirurgia transesfenoidal num grupo de acromegálicos operados por um único neurocirurgião, comparando-os com uma meta-análise cumulativa de 10 séries (1.632 pacientes) publicadas entre 1992-2005. Estudamos 28 pacientes (17M/11F; 44,1 ± 12,7 anos; 27 com macroadenomas, sendo 86% invasivos), acompanhados por 21,4 ± 17,6 meses após a cirurgia; eles foram classificados de acordo com a atividade da acromegalia em

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

6

Diagnóstico e tratamento da acromegalia no Brasil/ Diagnosis and treatment of acromegaly in Brazil


2003-08-01

Acromegalia é uma doença debilitante e desfigurante que, se não controlada adequadamente, reduz a expectativa de vida do paciente. Complicações cardiovasculares e respiratórias representam as principais causas de morte nos acromegálicos. Atualmente, o diagnóstico é realizado de acordo com as diretrizes do consenso de 2000: ausência de supressão do GH para um valor

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

7

Discordância entre IGF-1 e GH pós-sobrecarga de glicose no rastreamento de acromegalia em paciente com macroprolactinoma: relato de caso e revisão sobre o tema/ Discrepancy between IGF-1 and GH during 75 g oral glucose tolerance test measures to acromegaly screening in a patient with macroprolactinoma: case report and literature review


2007-04-01

Neste artigo, descrevemos o caso de um paciente com diagnóstico de macroprolactinoma, que apresentava valores discordantes entre IGF-1 (elevado) e GH (hormônio de crescimento) pós-teste de tolerância oral à glicose (normal) realizados para pesquisa de co-secreção de GH pelo tumor. Houve normalização dos níveis de prolactina após uso de bromocriptina, porém, durante o acompanhamento, o paciente persistiu com níveis elevados de IGF-1 sem clínica aparente, suge

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

8

Aspectos dermatológicos da acromegalia/ Dermatologic aspects in acromegaly


2004-08-01

Acromegalia é rara síndrome endócrina que se caracteriza pela hiperplasia mesenquimal. Em geral sua manifestação é insidiosa ao extremo, e, como cursa precocemente com alterações cutâneas, o dermatologista pode ser o primeiro profissional médico a ser procurado pelo paciente. Os autores fazem uma descrição dos achados clínicos e dermatológicos dessa afecção.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

9

Distúrbios cardiovasculares na acromegalia/ Cardiovascular disturbances in acromegaly


2008-12-01

A acromegalia acarreta uma série de distúrbios ao sistema cardiovascular, decorrentes da exposição crônica a níveis elevados de GH e IGF-1. Estes distúrbios são os principais responsáveis pelo aumento da mortalidade de acromegálicos. Entre as várias formas de acometimento cardiovascular, destaca-se a miocardiopatia acromegálica, entidade caracterizada, inicialmente, pelo estado hiperdinâmico, seguido de hipertrofia ventricular esquerda concêntrica e disfunç

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

10

Possibilidade de associação de melanoma e acromegalia/ Possibility of an association between melanoma and acromegaly


2008-08-01

Neoplasias como câncer de próstata, mama e cólon estão relacionadas à acromegalia. Raras vezes foi mencionada a associação com melanoma. Descreve-se caso de paciente com acromegalia no qual foi identificada lesão melanocítica suspeita, com posterior confirmação de melanoma. A excisão cirúrgica da lesão levou à cura da neoplasia. Chama-se a atenção para a necessidade de exame cuidadoso da pele de pacientes com acromegalia.

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

11

Eficácia da cabergolina no tratamento da acromegalia/ Efficacy of cabergoline in the treatment of acromegaly


2002-06-01

Avaliamos o efeito da cabergolina (1 a 1,5mg duas vezes por semana, por 2 a 4 meses) em 9 pacientes acromegálicos em um estudo prospectivo, não andomizado. Normalização dos níveis de GH e IGF-1 ocorreu em 3 dos 9 pacientes avaliados (33%), em 3 dos 5 pacientes (60%) com tumores co-secretores de GH e prolactina, mas em nenhum daqueles sem hiperprolactinemia associada. As melhores respostas terapêuticas aconteceram nos pacientes cujos níveis pré-tratamento de GH e I

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

13

O Laboratório no Diagnóstico e Seguimento da Acromegalia/ The Laboratory in the Diagnosis and Follow-up of Acromegaly


2002-02-01

Acromegalia é uma síndrome clínica característica, que na maior parte das vezes resulta de um macroadenoma hipofisário produtor de hormônio de crescimento (GH, growth hormone). A hipersecreção tumoral crônica de GH provoca deformidades esqueléticas, distúrbios metabólicos, complicações em vários órgãos e sistemas, e acaba reduzindo a expectativa de vida do paciente. O diagnóstico presuntivo baseia-se nos achados clínicos característicos da doença, com

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

14

A utilização da octreotida subcutânea ou LAR como teste preditivo e no tratamento da acromegalia/ Usefulness of subcutaneous or long-acting octreotide as a predictive test and in the treatment of acromegaly


2004-04-01

Avaliamos as concentrações de GH, IGF-1 e IGFBP-3 em 10 pacientes com acromegalia em atividade, antes e após tratamento com octreotida subcutânea (OCT-sc) e LAR (OCT-LAR). Verificamos o valor preditivo dos testes agudo e de curto prazo (após 21 dias) na resposta do GH e IGF-1. As avaliações de médio prazo foram realizadas após 6 meses de tratamento com cada formulação. Os valores de GH (µg/l; IFMA), nadir de GH no oGTT e IGF-1 (µg/l; IRMA) pré-tratamento for

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

15

Alterações morfológicas e funcionais cardíacas e análise dos fatores determinantes de hipertrofia ventricular esquerda em 40 pacientes com acromegalia/ Cardiac morphology and performance alterations and analysis of determinant factors of left ventricular hypertrophy in 40 patients with acromegaly


2006-02-01

A acromegalia é uma doença de alta mortalidade, especialmente em razão de complicações cardiovasculares. Com o objetivo de avaliar os fatores determinantes da hipertrofia ventricular esquerda (HVE) e as alterações cardíacas na acromegalia, analisamos 40 acromegálicos submetidos a exames clínico-laboratoriais e ao ecocardiograma. As variáveis analisadas foram idade, sexo, duração de doença, hipertensão arterial (HA), intolerância à glicose/DM, uso ou não

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

16

Ensaios para a medida de hormônio do crescimento (GH) e IGF-I: aspectos metodológicos e suas implicações no diagnóstico e seguimento da acromegalia/ Growth hormone (GH) and IGF-I assays: methodological aspects and its implications in acromegaly diagnosis and follow-up


2007-06-01

A dosagem do GH no soro é essencial para confirmar ou excluir o seu excesso. Na acromegalia, a ausência de critérios clínicos suficientemente sensíveis para monitorizar o sucesso do tratamento faz com que o GH sérico seja o procedimento de escolha e, para isso, é essencial que a sua dosagem seja realizada de forma confiável, capaz de permitir interpretações uniformes. Vários critérios hormonais têm sido propostos para caracterizar remissão da acromegalia, in

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

17

Você conhece esta síndrome?/ Do you know this syndrome?


2006-02-01

A lipodistrofia generalizada congênita (síndrome de Berardinelli-Seip), doença autossômica recessiva, caracteriza-se por escassez do tecido subcutâneo. A falta de tecido adiposo propicia disfunção metabólica dos lípides e carboidratos, resistência periférica à insulina, hipertrigliceridemia e hipermetabolismo. Outros achados são acantose nigricante, acromegalia, hepatomegalia e alterações musculares, ósseas, cardiovasculares e neurológicas. Relata-se o ca

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

18

Avaliação plasmática de igf-1 no prolactinoma/ IGF-1 plasma levels evaluation in prolactinoma


2006-09-01

Prolactinomas são os tumores hipofisários mais comuns, podendo co-secretar GH (hormônio do crescimento). IGF-1 (fator de crescimento insulina-símile-1) é o principal responsável pelas ações do GH e parâmetro diagnóstico de acromegalia. Objetivando determinar por uma dosagem de IGF-1, na avaliação inicial de pacientes com prolactinoma, ocorrência de tumores mistos [GH e prolactina (PRL)], estudamos 7 homens e 27 mulheres, entre 19 e 72 anos, confrontando-os ao

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

19

Avaliação da atividade secretora, proliferação celular e expressão da proteína p27 em tumores hipofisários


2000-10-01

A finalidade deste estudo foi avaliar a atividade secretora, proliferação celular e inibição do ciclo celular das neoplasias hipofisárias. Os tecidos foram obtidos de 13 pacientes incluindo acromegalia (n=5), adenomas não-secretores (n=4), hiperprolactinemia (n=3) e doença de Cushing (n=1). Os espécimes foram examinados por técnica imuno-histoquímica com anticorpos anti-ACTH, anti-TSH, anti-LH, anti-FSH, anti-PRL, anti-hGH, anti-MIB-1 (análise da proliferação

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

20

Tratamento medicamentoso dos tumores hipofisários. Parte I: prolactinomas e adenomas secretores de GH


2000-10-01

O recente desenvolvimento de novas drogas, particularmente os análogos da somatotastina (SRIFa), representou um grande progresso na terapia dos tumores hipofisários. Os SRIFa mostram-se bastante eficazes na normalização dos níveis de GH e IGF-1 em acromegálicos e podem ser uma alternativa para a cirurgia transesfenoidal, mas seu uso como terapia primária da acromegalia fica limitado pelo pequeno efeito dessas drogas na redução das dimensões do tumor. Os resultad

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

21

Adenomas produtores de GH: Análise de 20 casos/ Growth pituitary adenomas: evaluation of 20 patients with surgical treatment


2002-03-01

Os adenomas produtores de GH podem ser mono, bi ou pluri-hormonais. A associação mais frequente do GH é com a sub unidade alfa ou com a prolactina. Apresentam-se com as alterações clássicas de acromegalia, mas quando produzem mais que um hormônio podem apresentar sintomas visuais. Os mono-hormonais são geralmente microadenomas e os outros dois grupos tendem a ser macroadenomas. Analisamos nossa experiência com 20 casos deste tipo de adenomas e mostramos o resulta

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

22

Apoplexia pituitária seguida de remissão endócrina: relato de dois casos/ Pituitary apoplexy followed by endocrine remission: report of two cases


1998-09-01

A apoplexia pituitária é evento raro e a ocorrência de remissão endócrina em pacientes portadores de tumores secretores é ainda mais incomum. O presente estudo relata os casos de dois pacientes portadores de macroadenomas (um com doença de Cushing e outro com acromegalia) nos quais houve remissão endócrina após apoplexia tumoral. A primeira paciente era portadora de doença de Cushing e teve episódio ictal espontâneo de cefaléia e vômitos, após o qual inici

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

23

Prevalência da macroprolactinemia entre 115 pacientes com hiperprolactinemia/ Prevalence of macroprolactinemia among 115 patients with hyperprolactinemia


2007-02-01

Macroprolactinemia caracteriza-se pelo predomínio no soro de uma prolactina (PRL) de alto peso molecular e baixa atividade biológica que não requer tratamento. A prevalência de macroprolactinemia foi avaliada em 115 pacientes consecutivos com hiperprolactinemia. Entre eles, 19 (16,5%) tinham exclusivamente macroprolactinemia, 4 (3,5%) síndrome dos ovários policísticos, 7 (6,1%) acromegalia, 8 (6,9%) hiperprolactinemia idiopática, 10 (8,7%) hipotiroidismo primário

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

24

Tumores hipofisários: opções terapêuticas atuais e perspectivas futuras de tratamento/ Pituitary tumors: current therapeutic options and future perspectives


2003-08-01

A indicação de tratamento dos tumores hipofisários depende das suas características secretórias e volume. Nos prolactinomas, a terapêutica clínica com uso de agonistas dopaminérgicos continua sendo a primeira opção, enquanto nos outros tumores o tratamento cirúrgico ainda é o mais indicado. No entanto, para a acromegalia, a introdução dos análogos da somatostatina com ação prolongada tem aumentado a indicação dessas drogas, inclusive como tratamento pri

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

25

Teste agudo com octreotide subcutâneo como preditor de resposta ao tratamento com octreotide LAR®/ Acute test with subcutaneous octreotide as a predictor of the response to treatment with octreotide LAR®


2005-06-01

Os análogos da somatostatina são muito utilizados no tratamento da acromegalia. Com o objetivo de determinar o valor do teste agudo (TA) com octreotide subcutâneo (SC) como preditor da resposta ao tratamento com octreotide LAR®, analisamos os dados de 20 pacientes. Para o TA, amostras de sangue foram colhidas antes e duas horas após a administração de octreotide SC para a dosagem de GH. Os níveis de GH antes e após o TA foram 21,9 (2,3-143,4) e 3,1ng/mL (0,3-61,3

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

26

Hipertireoidismo relacionado à síndrome de McCune Albright: relato de dois casos e revisão da literatura/ Hyperthyroidism related to McCune-Albright syndrome: report of two cases and review of the literature


2008-04-01

INTRODUÇÃO: A síndrome de McCune Albright é uma doença rara, clinicamente definida pela combinação de displasia fibrosa poliostótica, manchas café-com-leite e endocrinopatias com hiperfunção, como puberdade precoce, hipertireoidismo, acromegalia e outras. A fisiopatologia biomolecular baseia-se em uma mutação ativadora do gene para a subunidade alfa da proteína de membrana Gs, que estimula a produção intracelular de AMPc, conferindo secreção autônoma à

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

27

Avaliação do metabolismo da glicose em pacientes acromegálicos antes e após tratamento com octreotide LAR/ Evaluation of glucose metabolism in acromegalic patients before and after treatment with octreotide LAR


2008-02-01

OBJETIVO: Avaliar o metabolismo da glicose em pacientes acromegálicos antes e após o tratamento com octreotide LAR. PACIENTES E MÉTODOS: Este foi um estudo longitudinal e prospectivo com 30 pacientes do ambulatório de pesquisa em acromegalia do Serviço de Endocrinologia do Hospital Universitário Clementino Fraga Filho da Universidade Federal do Rio de Janeiro (HUCFF/UFRJ). Eles foram submetidos à avaliação clínica e laboratorial com dosagens de hormônio do cres

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

28

Edema pulmonar por pressão negativa após hipofisectomia transesfenoidal: relato de caso/ Negative-pressure pulmonary edema after transsphenoidal hypophysectomy: case report/ Edema pulmonar por presión negativa después de la hipofisectomía transesfenoidal: relato de caso


2008-08-01

JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: O edema pulmonar por pressão negativa (EPPN) é uma complicação incomum que evolui rapidamente após quadro agudo ou crônico de obstrução de vias aéreas. O objetivo deste relato foi apresentar um caso de EPPN após obstrução de vias aéreas superiores em paciente com acromegalia que foi submetido à hipofisectomia transesfenoidal. RELATO DO CASO: Paciente do sexo masculino, 48 anos, 80 kg, estado físico ASA III, portador de tumor de hi

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

29

Tumorigênese hipofisária/ Pituitary tumorigenesis


2005-10-01

Os tumores hipofisários, adenomas na sua quase totalidade, representam de 10% a 15% das neoplasias intracranianas (1) e são encontrados em até 27% de autópsias não selecionadas, como achado incidental (2). Morfologicamente são classificados em microadenomas (

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

30

Cutis verticis gyrata primária essencial/ Essential primary Cutis verticis gyrata


2002-02-01

Objetivo: relatar um caso raro de uma criança portadora da forma primária essencial de Cutis verticis gyrata.Descrição: menino de 9 anos, apresenta importante hipertrofia da pele do couro cabeludo, com dobras que se assemelham aos giros cerebrais. Não apresenta retardo mental, nem alterações oftalmológicas e não há relatos semelhantes na família.Comentários: o diagnóstico de Cutis verticis gyrata primária essencial foi estabelecido pela presença de redundâ

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

31

Complicações das cirurgias hipofisárias: análise de 120 cirurgias no HUCFF-UFRJ/ Complications of pituitary surgery: analysis of 120 operations at HUCFF-UFRJ


1999-09-01

Estudamos uma série de 108 pacientes, submetidos a 120 intervenções cirúrgicas para tratamento de tumores hipofisários realizadas no Hospital Universitário Clementino Fraga Filho (HUCFF) da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), no período de 1979 a julho de 1998, com o objetivo de analisar a morbidade e mortalidade pós-operatória imediata. A idade dos pacientes variou entre 15 e 70 anos. Os diagnósticos etiológicos foram: adenomas não secretores, 46 (

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

32

Cirurgia endoscópica transnasal da região selar: estudo dos primeiros 100 casos/ Transnasal endoscopic surgery of the sellar region: study of the first 100 cases


2003-09-01

A abordagem neuroendoscópica transnasal para a sela túrcica foi realizada em 100 pacientes consecutivos com um seguimento variando entre 3 e 55 meses: 57 mulheres e 43 homens, com idade compreendida entre 14 e 70 anos; 76 eram adenomas hipofisários: 22 acromegálicos (7 microadenomas e 15 macroadenomas), 21 adenomas não secretores (3 microadenomas e 18 macroadenomas), 19 doença de Cushing (11 microadenomas e 8 macroadenomas), 10 prolactinomas (6 microadenomas e 4 mac

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)