Sample records for acetabularia
from WorldWideScience.org

Sample records 1 - 3 shown.



1

Taxonomia e distribuição do gênero Caulerpa Lamouroux (Bryopsidales - Chlorophyta) na costa de Pernambuco e Arquipélago de Fernando de Noronha, Brasil/ Taxonomy and distribution of the genus Caulerpa Lamouroux (Bryopsidales - Chlorophyta) on the coast of Pernambuco State and Fernando de Noronha Archipelago, Brazil


2008-12-01

Este trabalho identifica e fornece a distribuição do gênero Caulerpa na costa de Pernambuco (07º30' S e 09º00' W) e no Arquipélago de Fernando de Noronha (03º51' S e 32º25' W). As coletas foram realizadas em 32 praias da costa de Pernambuco no período entre abril/2004 a novembro/2005, na região entre-marés. Em Fernando de Noronha as coletas foram feitas em junho/2006, na região entre marés e no infralitoral (10, 15 e 21 m de profundidade), em oito praias. For

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

2

α-, β-caroteno e α-tocoferol em algas marinhas in natura/ α- and β-carotene, and α-tocopherol in fresh seaweeds


2008-12-01

O objetivo deste trabalho foi avaliar o potencial de 32 espécies de algas marinhas das divisões Chlorophyta, Rhodophyta e Phaeophyta como fontes de α- e β-caroteno e α-tocoferol. Todas as clorofíceas analisadas apresentaram α- e β-caroteno. Os teores máximo e mínimo de α-caroteno foram detectados nas espécies do gênero Caulerpa e em Codium decorticatum, respectivamente; e β-caroteno foi mais baixo em Caulerpa mexicana e mais eleva

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)

3

Caracterização da assembléia fitobentônica da praia do Kutuca, ilha da Marambaia, baía de Sepetiba, RJ, Brasil/ Characterization of the phytobenthic assemblage at Kutuca beach, Marambaia island, Sepetiba bay, Rio de Janeiro State, Brazil


2009-06-01

Devido aos potenciais problemas ambientais na baía de Sepetiba, sítios de monitoramento ambiental nesta baía se tornam necessários. A praia do Kutuca foi selecionada para este propósito por possuir dados pretéritos sobre a sua estrutura da comunidade, com coletas realizadas em 1999, que detectou alta diversidade. Durante 21 meses, dezembro de 2003 a julho de 2005, foram coletados 63 táxons (Chlorophyta, 22%; Ochrophyta, 16% e Rhodophyta, 62%). Na amostragem destrut

Scientific Electronic Library Online (Portuguese)