WorldWideScience

Sample records for minimizar os riscos

  1. Seguros de vida: particularidades e mecanismos utilizados pelas seguradoras para minimizar os riscos operacionais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sérgio Rangel Guimarães

    2002-01-01

    Full Text Available Em um mercado dinâmico, o primeiro objetivo de uma companhia de seguros é sobreviver dentro de um ambiente comercial altamente competitivo, disputando espaço com várias outras companhias concorrentes que possuam produtos similares. O objetivo seguinte seria a maximização dos lucros e a minimização dos prejuízos. Entretanto, sendo uma empresa voltada à gestão e administração de riscos, uma companhia de seguros deve estar permanentemente alerta e preocupada com a minimização dos mesmos. Para atingir este objetivo é necessário a adoção de uma adequada política de subscrição e de taxação de riscos, constituindo provisões em níveis tecnicamente recomendados, reavaliando as carteiras, regulando os sinistros e utilizando, para a transferência dos riscos, o mecanismo do resseguro.

  2. Sobre os conceitos de risco em Luhmann e Giddens

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marília Luz David

    2011-11-01

    Full Text Available http://dx.doi.org/10.5007/1806-5023.2011v8n1p30 O presente artigo discute as contribuições de Anthony Giddens e Niklas Luhmann para uma melhor definição do conceito de risco, tendo em vista o rigor teórico de ambos os autores. Inicialmente é feita uma breve exposição sobre como o conceito de risco passou a ser utilizado na Modernidade e recebeu a atenção de autores das Ciências Sociais, principalmente a partir da abordagem cultura proposta por Mary Douglas. Em seguida, as definições e correspondentes argumentos sobre o conceito de risco em Luhmann e Giddens são apresentados respectivamente. Finalmente, alguns pontos de distanciamento entre os autores são discutidos e de que maneira cada um contribuiu para o debate sobre os riscos na teoria social e para o diagnóstico da Modernidade.

  3. Estratégias para minimizar os efeitos de um ambiente térmico adverso para frangos de corte

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    P.M. Oliveira

    2016-06-01

    Full Text Available RESUMO O calor limita a produção de frangos de corte. Este trabalho avaliou as interações entre o termocondicionamento precoce (TCP e o uso do equilíbrio eletrolítico (EE sobre o desempenho e as características da carcaça das aves. Assim, o balanço eletrolítico (BE = Na + K - Cl foi ajustado em 350mEq/kg, e a relação eletrolítica (K+Cl/Na em 3:1, pelo programa PPFR. O experimento foi realizado no setor de Zootecnia da Faculdade de Medicina Veterinária de Araçatuba/Unesp. Alojaram-se 240 pintos machos de um dia de idade, linhagem Cobb-500(r, em bateria metálica com 24 divisões e aquecimento elétrico automático. O delineamento experimental foi inteiramente ao acaso, em arranjo fatorial 2x2, totalizando quatro tratamentos com seis repetições e 10 aves por parcela experimental. O TCP ocorreu no quinto dia de idade, por 24 horas, a 36,5°C, em metade do lote. Posteriormente, as aves foram transferidas para um galpão climatizado e alojadas em boxes, da mesma forma que a outra parcela que não passou pelo TCP. Avaliaram-se os efeitos do estresse calórico crônico (seis horas a 32°C aplicado do 35º ao 39º dia de idade. Foram monitoradas a temperatura e a umidade do ar, bem como a temperatura de globo negro. Alimentação e água foram fornecidas ad libitum. Calcularam-se os dados de desempenho zootécnico e a taxa de mortalidade das aves. Submeteram-se os resultados à análise de variância e à comparação de médias pelo teste de Tukey. Não houve interação entre o TCP e o EE sobre o desempenho e as características da carcaça das aves. As estratégias, TCP e EE, mostraram-se ineficazes para amenizar os efeitos do estresse calórico crônico em frangos de corte.

  4. Ícones para mapas de riscos: uma proposta construída com os trabalhadores

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Facchini Luiz Augusto

    1997-01-01

    Full Text Available Em estudo realizado na indústria da alimentação de Pelotas, utilizou-se a metodologia do Modelo Operário para elaborar mapas de riscos. Inicialmente, representaram-se os grupos de riscos por meio de figuras geométricas, com graduação de tamanho para caracterizar a intensidade. Notou-se que estas tinham pouco significado para o trabalhador. Além disso, com a agregação de riscos com diferentes impactos sobre a saúde, perdia-se o detalhamento da exposição. Como alternativa, desenvolveu-se uma iconografia, partindo da visão do trabalhador. A investigação foi qualitativa e realizou-se em três etapas com sessenta trabalhadores, que sugeriram e selecionaram os ícones mais adequados. A seguir, utilizando-se processo serigráfico, estes foram digitalizados e impressos em adesivos para que o próprio trabalhador pudesse colá-los no mapa de riscos. Cada risco é representado por um ícone e a intensidade de exposição é expressa pela sua cor. Este artigo apresenta estes ícones e o processo desenvolvido para a sua elaboração.

  5. Marketing Virtual: Separando o Joio do Trigo... Os Riscos Inerentes e Manipulados no E-commerce

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Michelle Helena Kovacs

    2010-03-01

    Full Text Available O objetivo desta investigação foi realizar uma análise sobre os riscos inerentes e os manipulados na compra pela internet. A pesquisa teve o intuito de averiguar a necessidade de separação desses riscos, visto que, em grande parte dos estudos, não é realizada essa distinção, sendo agrupados os riscos de uma maneira geral. O estudo teve um caráter exploratório-descritivo de corte transversal, tendo sido realizado em duas etapas. Inicialmente foram conduzidas entrevistas com 20 compradores do varejo eletrônico. Posteriormente foi realizado um levantamento, em que foi estabelecida uma parceria com a E-bit, tendo o link do instrumento de coleta de dados sido enviado para 2.000 usuários cadastrados no banco de dados da instituição. Foram obtidos 692 questionários válidos. As análises fatoriais empregadas indicaram a necessidade da divisão dos riscos em inerentes e manipulados, reforçando a teoria inicial de Bettman (1973. A presente pesquisa traz, como principal contribuição, a recomendação aos futuros investigadores dessa área sobre a importância de considerar e, principalmente, empregar separadamente a análise dos riscos inerentes e a análise dos riscos manipulados em estudos do comportamento do consumidor nas compras on-line. DOI: 10.5585/remark.v8i2.2139

  6. Modelo etiológico dos comportamentos de risco para os transtornos alimentares em adolescentes brasileiros do sexo feminino

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leonardo de Sousa Fortes

    2016-01-01

    Full Text Available Resumo: O objetivo foi construir um modelo etiológico dos comportamentos de risco para os transtornos alimentares em adolescentes brasileiros do sexo feminino. Participaram 1.358 adolescentes de quatro cidades. Foram avaliados os comportamentos de risco para os transtornos alimentares, insatisfação corporal, pressões midiáticas, autoestima, estado de humor, sintomas depressivos e perfeccionismo por intermédio de escalas psicométricas. Peso, estatura e dobras cutâneas foram aferidos para calcular o índice de massa corporal (IMC e o percentual de gordura (%G. O modelo de equação estrutural explanou 76% da variância dos comportamento de risco (F(9, 1.351 = 74,50; p = 0,001. Os achados indicaram que a insatisfação corporal mediou a relação entre as pressões midiáticas, autoestima, estado de humor, IMC, %G e os comportamentos de risco (F(9, 1.351 = 59,89; p = 0,001. Vale destacar que embora os sintomas depressivos não tenham se relacionado com a insatisfação corporal, o modelo indicou relação direta com os comportamentos de risco para os transtornos alimentares (F(2, 1.356 = 23,98; p = 0,001. Concluiu-se que somente o perfeccionismo não aderiu ao modelo etiológico dos comportamentos de risco para os transtornos alimentares em adolescentes brasileiras.

  7. DIREITO DE EXCEÇÃO: OS RISCOS DE UM MAL NECESSÁRIO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mariana Belchior Ribeiro Freire

    2010-08-01

    Full Text Available O presente trabalho tem como escopo analisar o estado de exceção no seu liame entre a manutenção do status quo ante e o salto para a revolução. Sob a óptica dos pensamentos de renomados filósofos (Jean Bodin, Thomas Hobbes, Rosseau, Hans Kelsen e Carl Schmitt, procuramos analisar os benefícios e os riscos da instituição do estado de exceção, tendo em vista que se pode considerar este um mal necessário. O estado de exceção é um avanço nas democracias contemporâneas, como observaremos a sua previsão importa uma segurança à sociedade de que é possível mudar preservando alguns direitos constitucionais.

  8. Contratos de terceirização de manutenção industrial modalidade risco: análise das expectativas do setor industrial e dos provedores de serviços.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alexandre Linhares

    2004-12-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho é avaliar as formas de contratação de manutenção industrial praticadas no Brasil e identificar elementos que devem ser considerados na elaboração de um contrato baseado em performance, com remuneração variável e cláusulas de risco, sob a ótica das indústrias e dos provedores de serviço. A metodologia se baseia em análise dos resultados de pesquisa de campo por meio de levantamentos por questionário realizados com os principais gestores de manutenção de grandes grupos industriais e com os executivos das empresas prestadoras de serviço de manutenção industrial. Após uma ordenação inicial das causas percebidas dos problemas correntes, o trabalho propõe uma lista de fatores críticos de sucesso para um contrato de manutenção por performance. Com a identificação e implementação desses elementos num novo modelo de contrato de risco de manutenção, acredita-se ser possível minimizar os problemas comerciais e operacionais que atualmente representam obstáculos ao sucesso da terceirização da manutenção em plantas industriais, particularmente no Brasil. O estudo é de especial interesse para outras economias emergentes em que contratos de manutenção na modalidade risco estejam gradualmente sendo implantados.

  9. Relação entre o estado de humor e os comportamentos alimentares de risco para os transtornos alimentares em adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leonardo de Sousa Fortes

    2016-06-01

    Full Text Available RESUMO Objetivo Analisar a relação entre o estado de humor e os comportamentos alimentares de risco para os transtornos alimentares (TA em adolescentes do sexo feminino. Métodos Participaram 397 adolescentes com idade entre 12 e 17 anos. Utilizaram-se as subescalas do Eating Attitudes Test (EAT-26 para avaliar os comportamentos alimentares de risco para os TA. Utilizou-se a Escala de Humor de Brunel (BRUMS para avaliar o estado humor negativo (ansiedade, tensão, depressão, confusão mental, raiva e fadiga. Conduziram-se a Regressão Logística Binária e a Análise Multivariada de Covariância para analisar os dados. Resultados Evidenciou-se associação estatisticamente significativa entre o estado de humor negativo e os comportamentos alimentares de risco para os TA (X2 = 25,71; Wald = 31,92; p = 0,001. Identificou-se diferença de escore na subescala Dieta entre as adolescentes com alto e baixo estado de humor negativo [F (1, 396 = 13,40; p = 0,04], fato que não foi encontrado para as subescalas Bulimia e Preocupação com Alimentos [F (1, 396 = 1,69; p = 0,09] e Autocontrole Oral [F (1, 396 = 0,95; p = 0,17]. Conclusão Os comportamentos alimentares de risco para os TA estiveram relacionados ao estado de humor negativo.

  10. O conceito de risco e os seus efeitos simbólicos nos acidentes com instrumentos perfurocortantes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Everaldo José da Silva

    Full Text Available O estudo objetivou compreender o risco ocupacional como um processo simbólico que estrutura as atividades diárias dos profissionais da área de saúde que manipulam instrumentos perfurocortantes. Pesquisa descritiva realizada em um hospital universitário com dados coletados por meio do levantamento dos acidentes de trabalho no Centro de Tratamento Intensivo adulto e na Lavanderia, pela aplicação de um questionário a 105 profissionais de saúde. Os dados foram analisados por meio de uma perspectiva interdisciplinar para conciliar a análise quantitativa e qualitativa dos dados. Os resultados revelaram que, embora os dados indiquem baixo índice de acidentes, ainda é preciso aprimorar instrumentos como o mapa de riscos e o uso de equipamentos de segurança, bem como investir na capacitação das equipes.

  11. O conceito de risco e os seus efeitos simbólicos nos acidentes com instrumentos perfurocortantes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Everaldo José da Silva

    2012-10-01

    Full Text Available O estudo objetivou compreender o risco ocupacional como um processo simbólico que estrutura as atividades diárias dos profissionais da área de saúde que manipulam instrumentos perfurocortantes. Pesquisa descritiva realizada em um hospital universitário com dados coletados por meio do levantamento dos acidentes de trabalho no Centro de Tratamento Intensivo adulto e na Lavanderia, pela aplicação de um questionário a 105 profissionais de saúde. Os dados foram analisados por meio de uma perspectiva interdisciplinar para conciliar a análise quantitativa e qualitativa dos dados. Os resultados revelaram que, embora os dados indiquem baixo índice de acidentes, ainda é preciso aprimorar instrumentos como o mapa de riscos e o uso de equipamentos de segurança, bem como investir na capacitação das equipes.

  12. Preservar, demolir, construir ou ocupar a creche Ninho Jardim Condessa Marina R. Crespi: de todos os riscos, o risco

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Verônica Sales Pereira

    2016-04-01

    Full Text Available Resumo Este artigo aborda a interrelação entre o patrimônio cultural industrial e o território urbano através dos processos de patrimonialização e de ocupação pela população sem-teto da creche Ninho Jardim Condessa Marina R. Crespi, no bairro da Mooca, em São Paulo. Analisaremos esses processos à luz da problematização das noções de risco, perda, demolição e mercado desenvolvidas por J. R. Gonçalves, entendendo-as como o avesso do patrimônio cultural, bem como de sua vinculação aos processos de gentrificação urbana. Para este fim, baseamo-nos na análise de documentos e na realização de entrevistas qualitativas.

  13. O discurso sobre os riscos relacionados às plantas medicinais na medicina popular

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Julino Assunção Rodrigues Soares Neto

    2012-06-01

    importância terapêutica e cultural das PMs e da medicina popular. Nesse contexto, podemos utilizar o conceito de risco das ciências sociais: “o risco não como um ‘fato’ a ser compreendido, quantificado e gerenciado, mas como uma coisa construída socialmente” (de seta et al., 2006, portanto um campo para ações educacionais. Desta forma, é preciso desenvolver programas diferenciados junto à população e profissionais da saúde na construção de um diálogo entre os saberes sobre saúde, doença,PMs, medicamentos e da importância de comunicar casos de suspeitas de reações adversas por PMs.

  14. Os riscos da nanotecnologia e a responsabilidade socioambiental e ética da empresa

    OpenAIRE

    2014-01-01

    O tema desta pesquisa centra-se nos riscos da nanotecnologia e a responsabilidade socioambiental e ética da empresa à luz dos direitos humanos. Delimita-se na responsabilidade da empresa diante dos riscos oferecidos pela nanotecnologia à saúde e segurança humana. Em tal abordagem busca-se destacar que tais riscos não se limitam ao ambiente interno da empresa, onde potencialmente são produzidos, pois por suas peculiaridades podem afetar também o ambiente externo e consequentemente a sociedade ...

  15. Posições de Sindicatos e ONGs sobre os riscos e a regulação da nanotecnologia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Noela Invernizzi

    2013-11-01

    Full Text Available Este trabalho discute os posicionamentos de Organizações não Governamentais (ONGs e sindicatos de trabalhadores sobre os riscos e a regulação da nanotecnologia. Baseia-se na análise de declarações e documentos produzidos por essas organizações entre 2002 e 2010. No contexto de fortes investimentos públicos e privados em nanotecnologia e de sua rápida incorporação a produtos e processos, esses grupos têm buscado representar seus interesses através de diversas estratégias. Seus posicionamentos se centram na aplicação do princípio de precaução e incluem pedidos de moratória, realização de mais investigação sobre riscos à saúde, ocupacionais e ambientais, regulação específica e obrigatória, transparência de informação e ampla participação pública na governança da nanotecnologia. Mostramos que essas organizações da sociedade civil vêm tecendo colaborações e alianças e tiveram algum êxito em posicionar a temática de riscos e regulação nas agendas dos governos.

  16. Risco cardiovascular em profissionais de saúde de serviços de atendimento pré-hospitalar

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciane Cavagioni

    2012-04-01

    Full Text Available Avaliar os fatores de risco cardiovascular, com ênfase na hipertensão, e estratificá-los de acordo com o Escore de Risco de Framingham (ERF. Estudo com 154 profissionais que atuavam em aten-dimento pré-hospitalar na cidade de São Paulo e rodovia Br-116. Foi considerado significante o valor de p110mg/dL- 11%, colesterol total>200mg/dL- 36%, LDL-c>130mg/dL- 33%, HDL-c150mg/dL- 30% e proteína C reativa>0,5mg/dL- 16%. O ERF foi médio em 10,3% e alto em 1,3%. Na análise de regressão logística verificou-se que a hipertensão associou-se com as variáveis: HDL-c (odds ratio: 0,257 e ERF (odds ratio: 23,159. Houve forte associação entre ERF e hipertensão. Os dados chamam a atenção, por se tratar principalmente de profissionais da área da saúde relativamente jovens.

  17. Práticas de risco entre os jovens: estudo preliminar sobre condutas ordálicas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patrícia Junqueira Grandino

    2016-04-01

    Full Text Available Resumo O presente trabalho relata a discussão de uma pesquisa em andamento sobre o sentido das práticas de risco assumidas por jovens na transição para a vida adulta e resultados preliminares de um estudo piloto utilizando o Questionário de Funcionamento Ordálico. A partir da retomada do conceito de condutas ordálicas, procura-se aprofundar a análise de práticas de risco envolvendo jovens brasileiros como sintomas de um mal-estar que vivenciam na transição para a vida adulta. Realizou-se um experimento piloto com a aplicação de um questionário que avalia o funcionamento ordálico. A amostra inicial contou com 82 estudantes universitários, de ambos os sexos. Os resultados preliminares foram promissores na comparação dos quatro fatores por sexo dos sujeitos e na correlação com a idade. Avançar nessa perspectiva de investigação deve colaborar para o entendimento aprofundado dessas práticas, bem como para o desenvolvimento de ações preventivas e protetivas aos jovens.

  18. Estratégias desenvolvidas por usuários de crack para lidar com os riscos decorrentes do consumo da droga Strategies developed by crack users to deal with the risks resulting from the consumption

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciana Abeid Ribeiro

    2010-01-01

    Full Text Available OBJETIVOS: O objetivo deste estudo foi identificar, sob a ótica de usuários de crack, quais são as estratégias que eles utilizam para minimizar ou evitar os riscos decorrentes do consumo de crack. MÉTODO: Utilizou-se método qualitativo de pesquisa, desenvolvido mediante entrevistas semiestruturadas em profundidade. Foi entrevistada uma amostra intencional por critérios, composta por 30 usuários de crack, selecionados por meio de informantes-chave e distribuídos em oito diferentes cadeias. As entrevistas foram transcritas literalmente, inseridas e analisadas no software NVivo 8, com exploração dos dados mediante a técnica de análise de conteúdo. RESULTADOS: Os entrevistados acreditam que os maiores riscos decorrentes da dependência do crack sejam os relacionados aos efeitos psíquicos da droga, como fissura, sintomas paranoides transitórios e sintomas depressivos, assim como os decorrentes da ilegalidade dela, como a polícia e as questões referentes ao tráfico. Entretanto, os riscos de complicações físicas do consumo quase não foram apontados. As estratégias se concentraram no controle dos efeitos psíquicos, principalmente pelo consumo de álcool e maconha. Para lidar com as consequências da ilegalidade da droga, mostraram se preocupar com a postura que adotam perante o traficante e a polícia. CONCLUSÕES: As estratégias desenvolvidas pelos usuários focam na tentativa de se autoprotegerem principalmente dos episódios de violência e no alívio de sintomas desagradáveis causados pela droga - principalmente fissura e sintomas paranoides transitórios. Essas estratégias podem parecer efetivas a curto prazo, porém apresentaram riscos de longo prazo, tais como dependência de álcool e maconha.OBJECTIVES: The aim of this study was to identify, from the perspective of crack users, what are the strategies used to minimize or avoid the risks associated with consumption of crack. METHOD: A qualitative research method was

  19. Drogas em áreas de risco: o que dizem os jovens Drugs in risk areas: what young people say

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Anacely Guimarães Costa

    2012-06-01

    Full Text Available A pesquisa teve como ponto de partida um planejamento comunitário para discussão da situação de saúde de uma das principais áreas de risco de Fortaleza-Ceará, no qual o tema das drogas ganhou destaque. Pretendeu-se entrar em contato com o que os adolescentes da área percebiam como fatores de risco e de proteção para consumo de drogas em sua comunidade. Trata-se de um estudo qualitativo em que foi usado o grupo focal como técnica para obtenção de informações. O tratamento dos dados foi o de sistematizar temas comuns, dividindo-os em duas categorias de análise: fatores de risco e de proteção para o envolvimento com drogas. Nas falas dos adolescentes, percebeu-se que coexistem múltiplos fatores que se relacionam, ora aparecendo como aspectos de influência, ora como protetores, entre eles: família, grupo social, escola, vida em área de risco e mídia. Por outro lado, as redes sociais de apoio apareceram essencialmente como protetoras. Também percebeu-se que alguns assuntos foram levantados de forma transversal aos temas centrais, como as perspectivas de vida desses jovens e a necessidade de políticas públicas, importantes no apoio às redes sociais, à família e na atuação em áreas de risco. Assim, o que se põe em questão é a impossibilidade de consenso sobre os fatores exclusivos de risco ou de proteção. A partir disso, destaca-se a importância de potencializar a discussão e provocar reflexões a respeito da possibilidade de modos de vida fora do circuito das drogas.The research has as starting point a community planning to discuss the health status of one of the key risk areas of Fortaleza, Ceará state, in which the theme of drugs was highlighted. It was intended to get in touch with what young people perceive as factors of risk and protection for drug abuse in their community. It is a qualitative study in which the focus group was used as technique for obtaining information. Data processing systematized common

  20. O risco não percepcionado para as zonas costeiras da Europa: Os tsunamis e a vulnerabilidade de Cádis, Espanha

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jörn Birkmann

    2012-10-01

    Full Text Available O desenvolvimento de estratégias apropriadas de redução de riscos e de vulnerabilidades para lidar com os riscos de tsunamis é um desafio importante para países, regiões e cidades a eles expostos. Este artigo descreve a forma como os riscos da ocorrência de tsunamis e, em particular, a vulnerabilidade a esses riscos podem ser avaliados e medidos. Com este objectivo, aplicou‑se um quadro de avaliação de vulnerabilidade à cidade de Cádis, o estudo de caso, de modo a destacar o uso prático e os desafios e as lacunas com que uma avaliação deste tipo tem de lidar. Os resultados revelam informações importantes para a melhoria sistemática da capacidade de resposta societal das cidades e dos seus habitantes a riscos potenciais de tsunamis. Elaboraram‑se mapas de perigos e vulnerabilidades, assim como dados qualitativos obtidos, por exemplo, através de discussões de grupo. Estes mapas e inquéritos são fundamentais quando se destinam ao desenvolvimento de um sistema de alerta e resposta rápida centrado nas populações. As conclusões deste artigo têm por base investigação levada a cabo no quadro do projecto TRANSFER (Tsunami Risk and Strategies for the European Region, financiado pela Comissão Europeia, que tem por objectivo contribuir para melhorar o conhecimento dos processos envolvidos nos tsunamis na região Euro‑Mediterrânica, desenvolver métodos e ferramentas para avaliar a vulnerabilidade e o risco e identificar estratégias para a redução dos riscos de tsunami.

  1. Os testes de equilíbrio Alcance Funcional e “Timed Up and Go” e o risco de quedas em idosos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Paula Silva Campos

    2014-03-01

    Full Text Available O risco de quedas aumenta com o envelhecimento, tornando-se problema de saúde pública. O estudo atual teve como objetivo identificar os fatores de risco de quedas em indivíduos idosos e analisar se os testes de equilíbrio, Teste de Alcance Funcional (TAF e “Timed Up and Go” (TUG, identificam aqueles com maior susceptibilidade a cair. Realizou-se estudo prospectivo, transversal e observacional, com 155 idosos (≥60 anos, sendo 131 mulheres e 24 homens, atendidos em hospital público de Brasília (DF. Estes idosos foram divididos em dois grupos: grupo 1, com os que referiram queda nos últimos 12 meses; e grupo 2, com aqueles que negaram queda no mesmo período. Foram aplicados, além de um questionário para identificar os fatores de risco de quedas, dois testes para avaliar o equilíbrio (TAF e TUG. A idade média dos idosos estudados foi de 70,65 ± 7,52 anos, sendo que 38,7% deles relataram queda nos últimos 12 meses. A incidência de quedas foi significativamente maior no sexo feminino, nos que relataram medo de queda e nos que usavam polifarmácia. Na análise multivariada, a polifarmácia foi o único fator de risco independente associado ao evento quedas. Os testes de equilíbrio TAF e TUG não se correlacionaram significativamente com a ocorrência de quedas. Concluiu-se que a polifarmácia foi o único fator de risco independente associado a quedas, e que os testes de equilíbrio TAF e TUG não identificaram os idosos com maior susceptibilidade a cair.

  2. A globalização dos riscos sociais e os acidentes tecnológicos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João Areosa

    2016-07-01

    Full Text Available Resumo Os riscos sociais e tecnológicos podem ser compreendidos como uma espécie de antecâmara para a ocorrência de aciden- tes ou de outros eventos indesejados. O debate sobre as múltiplas formas e abordagens ao risco parece que se tornou central nos dias de hoje, apesar de o risco sempre ter acompanhado toda a história da humanidade. Todavia, não sabemos se o mun- do é actualmente mais arriscado do que foi no passado, mas sabemos, por exemplo, que os cidadãos ocidentais têm vindo a aumentar a sua esperança média de vida, que a mortalidade infantil baixou drasticamente e que somos hoje mais saudáveis do que no passado, fruto, por exemplo, do desenvolvimento tecnológico. Apesar de todos os benefícios que a tecnologia nos proporciona são também gerados, paralelamente, novos riscos graves e assustadores. Por exemplo, os nossos antepassados não tiveram de conviver com centrais nucleares, transportes aéreos (aviação, plataformas petrolíferas, engenharia genética e por aí adiante. Este trabalho pretende discutir a ambivalência da tecnologia a partir da noção de risco, incluindo os seus aspectos positivos e negativos. Palavras-chave: Risco, Tecnologia, Acidentes, Incerteza. Resumen Los riesgos tecnológicos y sociales pueden entenderse como una especie de antesala a la ocurrencia de accidentes u otros eventos no deseados. En estos días parece que el debate se ha centrado sobre las múltiples formas y enfoques de riesgo, a pesar de que el riesgo siempre han acompañado la historia de la humanidad. Sin embargo, no sabemos si el mundo es ahora más riesgoso que en el pasado, pero sabemos, por ejemplo, que los ciudadanos occidentales han ido aumentando su esperanza de vida, la mortalidad infantil se ha reducido drásticamente y ahora estamos más saludable que en el pasado, debido, por ejemplo, al desarrollo tecnológico. A pesar de todos los beneficios que ofrece la tecnología tambie

  3. Riscos químicos a que estão submetidos os trabalhadores de enfermagem: uma revisão de literatura

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Xelegati Rosicler

    2003-01-01

    Full Text Available O estudo consiste em levantamento bibliográfico nas bases de dados LILACS, MEDLINE e ILO-CIS BULLETIN - SAFETY AND HEALTH AT WORK sobre a temática riscos ocupacionais químicos, tendo como objetivo identificar, nas publicações encontradas, os principais agentes que podem favorecer o contato com esses riscos e provocar alterações de saúde nos trabalhadores de enfermagem. Foram encontrados 37 artigos, sendo apenas quatro publicados em periódicos nacionais que relatavam a detecção dos riscos químicos na manipulação de drogas citostáticas, na exposição a gases anestésicos, vapores de formaldeído/glutaraldeído e a gases esterilizantes, entre outros.

  4. Do the health benefits of cycling outweigh the risks? Os benefícios à saúde em andar de bicicleta superam os riscos?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jeroen Johan de Hartog

    2011-12-01

    Full Text Available Although from a societal point of view a modal shift from car to bicycle may have beneficial health effects due to decreased air pollution emissions and increased levels of physical activity, shifts in individual adverse health effects such as higher exposure to air pollution and risk of a traffic accident may prevail. We have summarized the literature for air pollution, traffic accidents, and physical activity using systematic reviews supplemented with recent key studies. We quantified the impact on all-cause mortality when 500,000 people would make a transition from car to bicycle for short trips on a daily basis in the Netherlands. We estimate that beneficial effects of increased physical activity are substantially larger (3-14 months gained than the potential mortality effect of increased inhaled air pollution doses (0.8-40 days lost and the increase in traffic accidents (5-9 days lost. Societal benefits are even larger because of a modest reduction in air pollution and traffic accidents. On average, the estimated health benefits of cycling were substantially larger than the risks relative to car driving for individuals shifting their mode of transport.Embora uma mudança do uso de carro para bicicleta possa trazer efeitos benéficos para a saúde devido à diminuição da poluição do ar e a um aumento da atividade física, esta mudança também pode trazer efeitos adversos à saúde como exposição à poluição e risco de acidentes de trânsito, os quais podem superar os benefícios. Nós resumimos a literatura sobre poluição do ar, acidentes de trânsito e atividade física, utilizando revisões sistemáticas suplementadas com estudos recentes. Quantificamos também o impacto na causa de mortalidade se 500 mil pessoas fizessem a transição de carro para bicicleta em viagens curtas diárias na Holanda. Estimamos que os efeitos benéficos do aumento da atividade física são substancialmente maiores do que o efeito potencial da

  5. Modelagem etnoecol?gica da percep??o de vulnerabilidades, riscos e impactos socioambientais em comunidades quilombolas da Ba?a de Todos os Santos

    OpenAIRE

    Santos, Andr?a Iridan dos

    2013-01-01

    Esta pesquisa foi desenvolvida nas comunidades Quilombolas de S?o Braz, em Santo Amaro, e na comunidade Salamina Putumuju, em Maragogipe, ambas localizadas no estado da Bahia,com o objetivo de elaborar modelos etnoecol?gicos que descrevam e reflitam como as popula??es quilombolas dessas comunidades percebem, avaliam e respondem aos impactos socioambientais, riscos e as vulnerabilidades existentes na Ba?a de Todos os Santos. Para isso foram realizadas 67 entrevistas semi-estruturas; observa??e...

  6. Autoestima, insatisfação corporal e internalização do ideal de magreza influenciam os comportamentos de risco para transtornos alimentares?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leonardo de Sousa Fortes

    2015-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: O objetivo do presente estudo foi verificar a influência da autoestima, da insatisfação corporal e da internalização do ideal de magreza nos comportamentos de risco para transtornos alimentares de adolescentes do sexo feminino. MÉTODOS: Participaram do estudo 471 jovens. Utilizou-se a Escala de Autoestima de Rosemberg, o Body Shape Questionnaire e o Sociocultural Attitudes Towards Appearance Questionnaire-3 para avaliar autoestima, insatisfação corporal e internalização do ideal de magreza, respectivamente. As subescalas do Eating Attitudes Test foram utilizadas para avaliar os comportamentos de risco para transtornos alimentares. RESULTADOS: Os resultados indicaram influência dos escores do Body Shape Questionnaire (p0,05. CONCLUSÃO: Concluiu-se que a insatisfação corporal e a internalização do ideal de magreza influenciam os comportamentos de risco para transtornos alimentares em adolescentes do sexo feminino, fato que não foi evidenciado para a autoestima.

  7. "Bomba hormonal": os riscos da contracepção de emergência na perspectiva dos balconistas de farmácias no Rio de Janeiro, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elaine Reis Brandão

    Full Text Available Resumo: A pesquisa objetivou conhecer a perspectiva dos balconistas de farmácias sobre a contracepção de emergência na Região Metropolitana do Rio de Janeiro, Brasil. O material empírico advém de pesquisa socioantropológica com vinte entrevistas semiestruturadas com balconistas dos sexos feminino (8 e masculino (12. Os entrevistados apresentam concepções negativas sobre a contracepção de emergência, enfatizando os riscos que ela pode provocar à saúde. O medicamento é considerado uma "bomba hormonal" que pode causar danos aos órgãos reprodutivos femininos e outros sistemas do corpo. Eles destacam os riscos do uso "descontrolado" ou "indiscriminado", especialmente por adolescentes e mulheres jovens. Por ser considerado "perigoso" aos corpos femininos, eles atribuem a responsabilidade de orientação e aconselhamento sobre o uso do método aos médicos ginecologistas e não aos farmacêuticos. Discute-se a necessidade de ampliação do debate público sobre contracepção de emergência no Brasil, incluindo-se os farmacêuticos e balconistas de farmácia, além dos profissionais de saúde e educadores.

  8. Sofrimento psíquico grave e risco suicida : uma análise pelo método de Rorschach

    OpenAIRE

    Martins, Liliane Domingos

    2010-01-01

    O suicídio é um fenômeno complexo que exige intervenção qualificada dos profissionais de saúde visando minimizar os efeitos das condições que evocam sofrimento psíquico grave e os impulsos autodestrutivos associados. Este estudo objetivou descrever a diversidade de configurações psicológicas e psicopatológicas em um grupo de pacientes em risco de suicídio, utilizando o Método de Rorschach pelo Sistema Compreensivo. Foram avaliados 40 pacientes com ideação suicida atual grave ou tentativa de s...

  9. Síndrome da apneia obstrutiva do sono (Saos) e sonolência diurna excessiva (SDE): influência sobre os riscos e eventos de queda em idosos

    OpenAIRE

    Burgos,Renata Afonso; Carvalho,Gustavo de Azevedo

    2012-01-01

    INTRODUÇÃO: Muitos países vêm experimentando o processo de envelhecimento populacional e a consequente elevação das doenças associadas a ele, como dificuldade de manter o equilíbrio, perdas na qualidade do sono e síndrome da apneia obstrutiva do sono (Saos). OBJETIVOS:Investigar a correlação entre a Saos e sonolência diurna excessiva (SDE) com os riscos e eventos de quedas em indivíduos idosos. MATERIAIS E MÉTODOS:Estudo descritivo, comparativo, de corte transversal com amostra de 75 indivídu...

  10. Ícones para mapas de riscos: uma proposta construída com os trabalhadores Icons for occupational risk maps: a proposal developed with workers

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Augusto Facchini

    1997-09-01

    Full Text Available Em estudo realizado na indústria da alimentação de Pelotas, utilizou-se a metodologia do Modelo Operário para elaborar mapas de riscos. Inicialmente, representaram-se os grupos de riscos por meio de figuras geométricas, com graduação de tamanho para caracterizar a intensidade. Notou-se que estas tinham pouco significado para o trabalhador. Além disso, com a agregação de riscos com diferentes impactos sobre a saúde, perdia-se o detalhamento da exposição. Como alternativa, desenvolveu-se uma iconografia, partindo da visão do trabalhador. A investigação foi qualitativa e realizou-se em três etapas com sessenta trabalhadores, que sugeriram e selecionaram os ícones mais adequados. A seguir, utilizando-se processo serigráfico, estes foram digitalizados e impressos em adesivos para que o próprio trabalhador pudesse colá-los no mapa de riscos. Cada risco é representado por um ícone e a intensidade de exposição é expressa pela sua cor. Este artigo apresenta estes ícones e o processo desenvolvido para a sua elaboração.The methodology known as the workers' model was used to design risk maps in a study performed in the food-processing industry in Pelotas, in the State of Rio Grande do Sul in southern Brazil. The various types of occupational risks were initially represented by geometric figures, with a size gradient to represent intensity. Joint investigation of these icons showed that they had little meaning for the workers. In addition, risks from a same group (physical, chemical, etc. but with different impact on health were grouped, thus missing the specificities of exposure. As an alternative, and starting from workers' own risk perceptions, a set of risk icons was developed. The study was done in three steps involving sixty workers, who proposed and selected the most suitable symbols, which were subsequently printed on stickers using silk-screen so that the workers could glue them on the risk maps. Each risk is represented

  11. Estudo sobre as empresas integradoras de pagamentos online: as vantagens e os riscos para o comércio eletrônico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Natália Pereira Francisco Nascimento

    2015-02-01

    Full Text Available O comércio eletrônico apresenta crescimento expressivo nas últimas décadas, o faturamento neste tipo de comércio cresce em velocidade significativa, devido principalmente à evolução da internet e dos meios de comunicação online. Por se tratar de um mercado movimentador de cifras relevantes todos os anos, os meios de pagamento se configuram como parte fundamental no processo de concretização de compra e venda de produtos e serviços na rede. Sob este aspecto além das formas tradicionais de pagamento, realizadas diretamente entre a empresa interessada e as operadoras de cartões e os bancos, nos últimos anos um tipo específico de empresa figura dentro deste segmento: as empresas de soluções de pagamentos online, ou ainda empresas integradoras e facilitadoras. O objetivo deste artigo é analisar o desempenho destas empresas, identificando suas principais vantagens e os riscos para as empresas do comércio eletrônico que utilizam os seus serviços.

  12. Um estudo sobre os determinantes do prêmio de risco da dívida pública no Brasil

    OpenAIRE

    Loureiro, André Soares

    2003-01-01

    O objetivo deste trabalho é identificar os determinantes do prêmio de risco da dívida pública no Brasil, uma vez que a redução deste permitirá que as taxas de juros na economia brasileira sejam compatíveis com um maior crescimento econômico. Os resultados empíricos obtidos não rejeitam as hipóteses dos modelos de Dornbusch (1983), e sua posterior extensão ao caso italiano por Cottarelli, C. e Mecagni, M. (1990), e de Romer (2000), de que uma melhora dos fundamentos econômicos reduz o prêmi...

  13. O Trabalho do bibliotecário e os riscos potenciais a sua saúde integral: considerações em torno do campo da ergonomia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francisco das Chagas de Souza

    2007-06-01

    Full Text Available O presente artigo traz uma reflexão em torno da percepção do ambiente de trabalho da pessoa que exerce os encargos de bibliotecário como um locus produtor potencial de riscos à sua saúde integral, o que coloca o tema no eixo de discussão da Ergonomia. A partir dessa podem-se analisar as possibilidades de ajuste do ambiente e das condições físicas, sociais e de gestão que venham a propiciar não só a prevenção, mas a possível eliminação desses riscos naquele ambiente. Como referência para essa reflexão, caberia introduzir o conceito de saúde, conforme a perspectiva da Organização Mundial de Saúde (OMS, e o de Integralidade, que é uma das diretrizes da legislação brasileira que criou o Sistema Único de Saúde (SUS e, ao final, apontar a relação disso com a ética profissional.

  14. Onde está o risco? Os seguros no contexto do turismo de aventura Where is the risk? Insurance in the context of adventure tourism

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mary Jane Spink

    2004-08-01

    Full Text Available A indústria de seguros vem respondendo à crescente exposição deliberada ao risco no contexto do turismo de aventura. Os seguros constituem apenas uma das possíveis aplicações de tecnologias do risco, mas têm se tornado um dos elementos centrais nos diferentes tipos de contratos estabelecidos pelas operadoras de turismo. Procuramos, neste artigo, responder à pergunta: de quem é a responsabilidade pelos danos, quando o risco é ativamente procurado como forma de lazer? Abordaremos inicialmente a inserção da proposta de estudo no contexto da literatura sobre risco e aspectos gerais da regulação do turismo de aventura no Brasil. A seguir, por meio de estudo de caso de uma operadora de turismo de aventura, analisaremos como é garantida a segurança do usuário no jogo de relações entre mercado de turismo, seguros e Estado. Concluiremos com breves considerações sobre a partilha dos danos e responsabilidades entre operadoras de seguros e de turismo, Estado e usuários, apontando ainda para possíveis mudanças no cenário atualmente configurado.The insurance industry has been quick to respond to the increase in deliberate exposure to risk in the context of adventure tourism. Although insurance is only one aspect of the possible applications of risk technologies, it has become a central element in the variety of contracts established between tourism operators and clients. This article addresses the question: who has responsibility for damages incurred when risk is actively sought in leisure pursuits? Initially we'll discuss risk-adventure in the context of the literature on risk and the regulation of adventure tourism in Brazil. Based on a case study of a tourism office offering leisure activities in nature, it proceeds with an analysis of how client safety is guaranteed in the network of relationships involving tourism market, insurance industry and State regulation. It concludes with brief considerations about the distribution of

  15. Constitucionalismo, autonomismos e os riscos da "mal-entendida liberdade": a gestação do liberalismo moderado em Minas Gerais, de 1820 a 1822

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Rosa Cloclet da Silva

    2012-01-01

    Full Text Available O presente artigo analisa os impactos e a dinâmica da apropriação do constitucionalismo na província de Minas Gerais, entre 1820 e 1822. Para tanto, focaliza as duas ordens de prioridades que, na conjuntura da crise do Antigo Regime e de sua superação, orientaram as tendências e posturas políticas dos grupos locais: respectivamente, a preservação de antigas autonomias políticas e econômicas e dos mecanismos consagrados de reiteração das hierarquias sociais. No contexto da Independência, essas prioridades foram politizadas, direcionando a formação de uma postura liberal moderada em recusa aos dois extremos, supostamente capazes de ameaçá-las: o risco do despotismo e da anarquia, cujos significados busca-se qualificar neste artigo.

  16. Perspectivas da pesquisa prospectiva com bebês irmãos de autistas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carolina Lampreia

    Full Text Available A identificação precoce de bebês com risco de desenvolver um quadro autístico é importante por permitir uma intervenção também precoce, minimizar o sofrimento da família e tornar os profissionais de saúde e educação mais vigilantes para os possíveis sinais de risco de autismo. Ao longo dos últimos anos, tem havido um interesse crescente na pesquisa sobre indicadores precoces do autismo. O objetivo deste trabalho é discutir uma metodologia longitudinal prospectiva para a identificação de sinais precoces de risco do autismo, a partir de estudos envolvendo bebês irmãos de autistas, que também permita investigar a identificação de subtipos de autismo e proporcionar melhor entendimento da relação entre a tríade de prejuízos que o define. Serão apresentados, inicialmente, os diferentes tipos de estudos disponíveis sobre indicadores de risco de autismo - relatos dos pais, estudos de vídeos familiares e de atenção compartilhada, instrumentos disponíveis e pesquisas prospectivas de bebês irmãos de autistas.

  17. Complicações intercorrentes nas gestações e os resultados perinatais das mulheres com hemoglobinopatias acompanhadas no serviço de gestação de alto risco

    OpenAIRE

    Salazar,Eliny Aparecida Vargas Machado

    2012-01-01

    Objetivo: estudar as complicações intercorrentes nas gestações e os resultados perinatais das mulheres com hemoglobinopatias acompanhadas em um serviço de gestação de alto risco. Material e Método: Trata-se de um estudo quantitativo, observacional, transversal, retrospectivo, envolvendo gestantes atendidas no ambulatório para gestantes de risco do NHU/UFMS no período de novembro de 2010 a agosto de 2011. Resultados: Das 110 gestações relacionadas, não houve associações entre a presença ou não...

  18. Os efeitos do treinamento de força sobre os fatores de risco da síndrome metabólica Effects of resistance training over metabolic syndrome risk factors

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Paula Muniz Guttierres

    2008-03-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: Medidas não-farmacológicas, como a atividade física, vêm sendo recomendadas para prevenção e tratamento de doenças crônicas não transmissíveis. OBJETIVO: Realizar revisão da literatura para verificar os mecanismos por meio dos quais o treinamento de força provoca alterações metabólicas e celulares, agindo positivamente sobre os fatores de risco da síndrome metabólica. METODODOLOGIA: Foram utilizadas as bases de dados Medline, Scielo, Science Direct e Capes. A busca foi restrita aos últimos 10 anos. Os termos utilizados para pesquisa foram: obesity, dislipidemy,hypertension, diabetes mellitus, metabolic syndrome, resistance training, weight lifting, exercise. RESULTADOS: O treinamento de força atua sobre parâmetros metabólicos e celulares promovendo efeitos positivos no controle e na prevenção dos fatores de risco relacionados à síndrome metabólica, tais como diminuição do peso corporal, aumento da sensibilidade à insulina, aumento da tolerância à glicose, diminuição dos níveis pressóricos de repouso e melhoria do perfil lipídico. CONCLUSÃO: A revisão dos artigos científicos apresentados fornece dados que permitem concluir que o treinamento de força pode contribuir de forma efetiva na diminuição dos fatores de risco relacionados à síndrome metabólica.INTRODUCTION: Non-pharmacological measures, such as practicing physical activity, have been recommended for prevention and treatment of non-transmissible chronic diseases. OBJECTIVE: To review the mechanisms by which resistance training results in metabolic and cellular alterations that act positively on metabolic syndrome risk factors. METHOD: The search was limited to the past 10 years, using the Medline, Scielo, Science direct and Capes databases. The terms used in the search were: obesity, dyslipidemia, hypertension, diabetes mellitus, metabolic syndrome, resistance training, weight lifting, and exercise. RESULTS: Resistance training

  19. A deficiente informação aumenta os riscos dos pesticidas em Portugal The deficient information increase the pesticides risks in Portugal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pedro Amaro

    2010-12-01

    Full Text Available O risco do uso dos pesticidas agrícolas ser aceitável depende da adopção de rigorosas medidas de segurança definidas pela UE. Esta problemática, em Portugal, é muito preocupante em consequência de graves ilegalidades, como o não funcionamento da CATPF há 5 anos e da sistemática prática, a nível oficial (ex: DGPC/DGADR e Serviços de Avisos e das empresas de pesticidas, da política de esconder a informação essencial para: a selecção dos pesticidas menos perigosos; o conhecimento das indispensáveis medidas de mitigação do risco; e a adequada formação de técnicos e de agricultores.The pesticide risk could be acceptable if mitigation measures decided by EU are adopted. In Portugal that problematic is quite difficult in consequence of graves illegalities, as the CATPF 5 years not working and the systematic practice, at official level (ex: DGPC/DGADR and Warning Service and at pesticides suppliers, of a political to hide the information that is essential to: the pesticides selection of the less dangerous to human health and the environment; the knowledge of indispensable and appropriate measures to reduce those risks as much as possible; and the level of education and training of technicians and farmers.

  20. Saúde & Segurança Ocupacional: reflexões sobre os riscos potenciais e o manuseio seguro dos nanomateriais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Guilherme Frederico Bernardo Lenz e Silva

    2013-11-01

    Full Text Available A cada dia a nanotecnologia, que pode ser definida como um campo multidisciplinar da ciência e da tecnologia que trabalha com estruturas de dimensões nanométricas, tipicamente <100 nanômetros (nm, está mais presente no desenvolvimento de novos produtos e processos industriais. A manipulação de partículas nanométricas tem aberto inúmeras oportunidades de desenvolvimento de novos produtos e materiais. Porém, a síntese, manuseio, estocagem, estabilização e a incorporação de materiais com dimensões nanométricas exigem uma nova análise e avaliação dos processos, procedimentos e dispositivos industriais de forma a garantir proteção coletiva e individual ao trabalhador e à sociedade, uma vez que, com o aumento de escala e de volume de produção dos materiais nanoestruturados, uma parcela cada vez maior da cadeia laboral passa a estar exposta aos nanomateriais em suas diversas formas e meios. Neste trabalho é apresentada uma revisão acerca de tópicos relacionados com o desenvolvimento da nanotecnologia abordando questões de riscos e de segurança ocupacional, em especial, os principais aspectos envolvidos quando do manuseio, estocagem, síntese, estabilização e incorporação de nanomateriais, visando à redução, minimização e eliminação dos riscos envolvidos nessas atividades, com o objetivo de garantir de forma plena a integridade física e a saúde do trabalhador.

  1. REDES DE MONITORAMENTO DE MATERIAL PARTICULADO INALÁVEL, LEGISLAÇÃO E OS RISCOS À SAÚDE

    OpenAIRE

    Marques, Rodrigo; Prof. Dr. Departamento de Geografia/UFMT; Santos,Emerson Soares dos

    2012-01-01

    Nos últimos anos têm aumentado o interesse nas pesquisas sobre as concentrações de material particulado inalável (MP10), principalmente sobre sua fração fina (MP2,5). Isto ocorre devido ao fato de pesquisas recentes mostrarem que estas partículas podem causar vários danos à saúde humana, pois são inaladas e podem atingir os alvéolos pulmonares. Deste modo, o padrão nacional de qualidade do ar, que data de 1990, merece ser discutido e revisado, uma vez que isto já foi feito por outros países n...

  2. Direitos da Criança em Portugal: os desassossegos dos riscos na/da Infância

    OpenAIRE

    Tomás, Catarina Almeida; Fernandes, Natália

    2011-01-01

    Podemos considerar o século XX como o século dos direitos da criança. É neste século que se edificou um quadro jurídico-legal de protecção às crianças e surgiram as associações, instituições e organizações transnacionais, nacionais e locais em prol da infância. A análise da situação da infância em Portugal caracteriza-se por um conjunto de avanços, impasses e retrocessos, desassossegos e desafios, na afirmação dos direitos da criança e na edificação de condições de bem-estar social para e...

  3. Avaliação dos riscos ocupacionais de trabalhadores de serviços de radiologia Evaluation of occupational risks among workers in radiology departments

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Geraldo Sérgio Fernandes

    2005-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar as condições de biossegurança e de trabalho de profissionais de serviços de radiologia e tecer recomendações sobre as modificações necessárias, a fim de adequar os serviços às normas vigentes no país. MATERIAIS E MÉTODOS: Foram feitas entrevistas com funcionários e observadas as seguintes atividades, executadas pelos técnicos em radiologia ou enfermeiras no local de trabalho: processo de revelação de radiografias dentro das câmaras escuras; tempo médio de permanência dos funcionários nas câmaras escuras; preparação de soluções de fixador e revelador para o processamento radiográfico e tipo de ajuda prestada aos pacientes durante os exames de raios X. Foi avaliada a eficiência do sistema de ventilação de duas câmaras escuras. Foram medidas as alturas das bancadas das câmaras escuras para verificar suas posições e adequação ergonômica. Quanto aos aspectos de segurança elétrica e contra incêndio, foram avaliados o número e a localização de extintores para verificar se estavam de acordo com as normas legais, e a condição de aterramento dos equipamentos elétricos. RESULTADOS: O sistema de ventilação era insuficiente, os profissionais não utilizavam equipamentos de proteção individual no preparo dos produtos químicos, os aspectos ergonômicos estavam em desacordo com as recomendações nacionais e os funcionários apresentam estresse relacionado ao trabalho. CONCLUSÃO: Com base nessas verificações, foram elaborados mapas de risco, para cada setor do serviço de radiologia, que servem para tomadas de decisão quanto a melhorias no ambiente.OBJECTIVE: To evaluate the biosafety aspects and the working conditions of radiology department professionals and to make recommendations with respect to necessary modifications to be implemented in these departments in order to comply with national regulations. MATERIALS AND METHODS: Interviews with the professionals were carried out as well as

  4. Are environmental pollutants risk factors for low birth weight? Os poluentes ambientais são fatores de risco para o baixo peso ao nascer?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Fernando C. Nascimento

    2009-08-01

    Full Text Available The aim of this study was to assess the association between prenatal exposure to air pollutants and low birth weight in a medium-sized city. An ecological study was performed, using live birth data from São José dos Campos, São Paulo State, Brazil. The environmental data were obtained from the São Paul State Environmental Agency. The study included full-term newborns whose mothers were 20 to 34 years of age and had at least a complete high school education, seven or more prenatal visits, singleton pregnancy, and vaginal delivery, in order to minimize potential confounding from these variables. Logistic regression was used to estimate the effect of each pollutant. Low birth weight was defined as less than 2,500g. The sample included a total of 2,529 data from 2001 that met the inclusion criteria (25.6% of the total. We identified 99 newborns (3.95% of the sample with low birth weight, and the pollutants sulfur dioxide and ozone were associated with low birth weight. The final model was À(x = -1.79 + 1.30 (SO2 + 1.26 (O3. Thus, sulfur dioxide and ozone were identified as risk factors for low birth weight in a medium-sized city in Southeast Brazil.O objetivo foi estimar o papel de poluentes no baixo peso ao nascer numa cidade de porte médio. Foi um estudo ecológico com dados obtidos da Declaração de Nascido Vivo relativos a São José dos Campos, São Paulo, Brasil. Os dados ambientais foram fornecidos pela Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental (CETESB. Foram incluídos no estudo recém-nascidos a termo, com mães entre 20 e 34 anos de idade, segundo grau completo, sete ou mais consultas realizadas no pré-natal, gravidez única e parto normal, para minimizar o efeito de confusão destas variáveis. Utilizou-se regressão logística para estimar o efeito de cada poluente. Baixo peso ao nascer foi considerado aquele inferior a 2.500g. Foram incluídos 2.529 dados de 2001 que atenderam aos critérios de inclusão (25,6% do total

  5. Uma investigação empírica sobre risco percebido do consumidor e suas estratégias redutoras através de diferentes tipos de serviços

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sérgio Carvalho Benício de Mello

    2003-06-01

    Full Text Available O presente estudo visa a buscar um melhor entendimento de como acontece o processo de decisão dos consumidores quando da escolha de prestadoras de serviços. O modelo conceitual utilizado foi o do risco percebido. O caminho seguido passa por uma avaliação do processo decisório do consumidor e como este minimiza a sensação de incerteza pela utilização de estratégias que visam a reduzir as conseqüências de uma decisão indesejada. Uma amostra de 1157 alunos de uma grande universidade brasileira respondeu um questionário estruturado. Os resultados apontaram para diferentes estratégias redutoras de risco. No caso de academias de ginástica e outlets de fast foods, as estratégias, classificadas como híbridas (clarificação/simplificação demonstram ter mais utilidade para reduzir riscos percebidos, enquanto no caso dos laboratórios de análises clínicas as estratégias de clarificação foram as mais significativas. Conclusões, implicações e sugestões para futuras pesquisas também são indicadas.

  6. Serão os carrapaticidas agrotóxicos? Implicações na saúde e na percepção de riscos de trabalhadores da pecuária leiteira

    OpenAIRE

    Tatiana Pastorello Pereira da Silva; Josino Costa Moreira; Frederico Peres

    2012-01-01

    O presente artigo tem por objetivo caracterizar os riscos relacionados ao uso de agrotóxicos na pecuária leiteira, no que tange a questões de legislação, de saúde e da percepção de riscos de trabalhadores dessa atividade. Para tanto, baseia-se em articulação metodológica que incluiu: a) revisão sistemática da literatura de referência sobre o objeto da pesquisa; b) análise da legislação correlata (produtos veterinários e agrotóxicos); c) identificação de perigos relacionados a produtos veterin...

  7. Fatores de Risco Evidenciados pelas Maiores Empresas Listadas na BM&FBOVESPA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roberto Carlos Klann

    2015-01-01

    Full Text Available O risco está presente em qualquer empresa, em qualquer setor. Nesse sentido, o objetivo da pesquisa é identificar os tipos de risco evidenciados nos Formulários de Referência das maiores empresas de cada setor listadas na BM&FBovespa. Os riscos podem ser classificados em: risco de crédito, risco legal, risco de mercado, risco operacional, risco estratégico, risco de liquidez e risco ambiental. Conforme os resultados encontrados, os mais divulgados pelas empresas são: risco legal (87,5%, risco estratégico (85% e risco de mercado (82,5%. O risco de crédito apresenta o menor nível de divulgação (50%, bem como o risco de liquidez relativo aos investimentos (55%. Conclui-se que a gestão de risco está relacionada às particularidades de cada organização, sendo que os tipos de riscos podem se modificar de acordo com a classificação setorial das empresas.

  8. Postpartum depression: we know the risks, can it be prevented? Depressão pós-parto: sabemos os riscos, mas podemos preveni-la?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Dawn Zinga

    2005-10-01

    Full Text Available In the past 20 years, there has been increasing recognition that for some women, pregnancy may be burdened with mood problems, in particular depression, that may impact both mother and child. With identification of risk factors for postpartum depression and a growing knowledge about a biologic vulnerability for mood change following delivery, research has accumulated on attempts to prevent postpartum depression using various psychosocial, psychopharmacologic, and hormonal strategies. The majority of psychosocial and hormonal strategies have shown little effect on postpartum depression. Notwithstanding, results from preliminary trials of interpersonal therapy, cognitive-behavioural therapy, and antidepressants indicate that these strategies may be of benefit. Information on prevention of postpartum depression using dietary supplements is sparse and the available evidence is inconclusive. Although a few studies show promising results, more rigorous trials are required. The abounding negative evidence in the literature indicates that postpartum depression cannot be easily prevented, yet.Nos últimos vinte anos, houve um maior reconhecimento de que a gravidez em algumas mulheres pode ser complicada por problemas emocionais, particularmente depressão, causando um impacto significativo sobre a mãe e a criança. Com a identificação de fatores de risco para a depressão pós-parto e um aumento do conhecimento sobre a vulnerabilidade biológica para os transtornos de humor no período puerperal, um número crescente de estudos tem explorado meios de prevenir a depressão pós-parto, utilizando estratégias psicossociais, psicofarmacológicas e hormonais. A maior parte das intervenções psicossociais e hormonais tem mostrado pouco efeito para a prevenção da depressão pós-parto. Apesar disso, resultados de estudos preliminares sobre a terapia interpessoal, terapia cognitivo-comportamental e sobre o uso de antidepressivos indicam que estas interven

  9. Câncer gástrico: fatores de risco em clientes atendidos nos serviços de atenção terciária em um município do interior paulista

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Teixeira Jesislei Bonolo do Amaral

    2003-01-01

    Full Text Available Realizamos o presente estudo com clientes com diagnóstico de câncer gástrico e submetidos a cirurgia, com o objetivo de identificar a exposição aos fatores de risco para a doença. Foram sujeitos do estudo 24 clientes que concordaram em participar através da assinatura do termo de consentimento livre, respondendo a um instrumento semi-estruturado, elaborado segundo a perspectiva do Campo de Saúde. A análise dos dados possibilitou identificar que 50,1% apontaram como fatores responsáveis dieta inadequada, tabagismo, etilismo e problemas psicológicos. Dentre o consumo de alimentos considerados de risco, encontramos tendência de maior consumo de enlatados, embutidos, defumados, churrasco e frituras, além de indicação de dietas com alto teor de sódio. Fumantes foram encontrados 66,7% ou que já fumaram e 70,8% indicaram consumo de bebida alcoólica, preferencialmente cerveja e destilados. Esses dados indicam a necessidade de implementação de programas educativos que visem o esclarecimento sobre os fatores de risco com vistas à promoção da saúde.

  10. Os alcances e limites da medicalização do risco para a psicose: a emergência de uma nova categoria? Scope and limits of medicalization of the risk for psychosis: emergence of a new category?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Stephan Malta Oliveira

    2012-01-01

    Full Text Available O objetivo do artigo consistiu em discutir a medicalização do risco para a psicose; especificamente, a construção de uma nova categoria diagnóstica que vem sendo realizada pela força-tarefa de elaboração do DSM-5, nomeada "síndrome de risco para a psicose" e, mais recentemente, "síndrome dos sintomas psicóticos atenuados". A metodologia utilizada foi a revisão bibliográfica. Foi realizado um breve relato da genealogia do risco na psiquiatria. Na parte inicial do artigo, procurou-se discutir a medicalização de uma forma mais geral, focando sobre os aspectos do controle social e das tecnologias do self, sob uma ótica foucaultiana. Posteriormente, foi dada ênfase ao processo da medicalização do risco para a psicose; em especial, à construção de uma categoria relacionada a esse risco. Dentre os alcances desse processo, destacou-se a possibilidade de se intervir precocemente na psicose e com isso retardar seu início. Ainda não está claro se a intervenção precoce pode reduzir a gravidade do quadro quando instalado ou mesmo impedir seu aparecimento. Quanto aos limites, mostrou-se o risco de se produzir uma hipermedicalização com a construção da categoria, levando ao uso indiscriminado de medicamentos neurolépticos e aos riscos relacionados a esse uso, bem como à estigmatização dos indivíduos incluídos na categoria. Foi mostrado também o problema do elevado número de indivíduos "falsos positivos", ou seja, indivíduos que serão categorizados e mais tarde não desenvolverão qualquer transtorno psicótico. Procurou-se com o trabalho estabelecer uma crítica consistente à construção da categoria nosológica em questão.This paper aimed to discuss the medicalization of the risk for psychosis, and more specifically, the building of a new diagnostic category which has been carried out by the DSM-5 elaboration Task Force, named psychosis risk syndrome and, more recently, attenuated psychotic symptoms syndrome. The

  11. Gestão de risco e os impactos da instrução normativa CVM nº 550: análise empírica Risk management and the effects of CVM instruction 550: empirical analysis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leonardo Andrade de Almeida Burlá

    2010-08-01

    Full Text Available Este trabalho analisa o efeito da instrução normativa CVM 550 sobre a utilização de derivativos e, consequentemente, a gestão de risco das companhias abertas brasileiras. A resolução exige que as empresas apurem por meio do valor de mercado os instrumentos derivativos em suas demonstrações financeiras trimestrais. No entanto, a deliberação não prevê tratamento contábil para tais tipos de instrumentos. Assim, é suposto que o efeito da norma deve afetar dois grupos de usuários de derivativos: os hedgers (EH e os especuladores (IS. Os resultados empíricos mostram que o risco incorrido pelas empresas se refere, basicamente, à taxa de juros e câmbio. Após a adoção da norma, foram encontradas evidências estatísticas que apontam uma diminuição do uso de derivativos para ambos os grupos. As evidências sugerem que a resolução 550 tem incentivado as empresas a contratarem derivativos com mais prudência, o que indica uma mudança na política de gestão de risco. Para o estudo em questão foi utilizada uma amostra de 107 empresas brasileiras pertencentes aos 10 grandes setores econômicos do ICB, em uma janela de dados de 10 anos (1999 a 2009.The present study examines the effect of CVM normative instruction 550 on the use of derivatives and, consequently, on the risk management of Brazilian companies. The instruction requires companies to disclose the fair value of derivative instruments in their quarterly financial statements. However, this resolution does not establish on the accounting treatment for these types of instruments. Thus, it is supposed that the rule should affect both groups of derivatives users, hedgers (EH and speculators (IS. The empirical results show that the risk the companies incur basically refers to the interest rate and exchange rate. After the adoption of the instruction, statistical evidence was found that shows a decrease in derivative use for both groups. The evidence suggests that instruction 550

  12. Diagnóstico primário dos fatores de risco coronariano em idosos vinculados à estratégia saúde da família no interior do Rio Grande do Sul

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Micheli Beatriz Radtke

    2016-10-01

    Full Text Available Objetivo: estimar a prevalência de fatores de risco de doença coronariana em idosos de um município no interior do Rio Grande do Sul. Método: para a realização do presente estudo, utilizou-se a tabela de risco coronariano proposta pela Michigan Heart Association. Realizou-se um estudo com abordagem epidemiológica, observacional e com delineamento transversal em uma amostra calculada de 115 idosos, de ambos os sexos, na faixa etária média de 69,86 ±7,7 anos. Os dados foram submetidos à análise descritiva, através da média, desvio padrão e identificação do percentual da ocorrência do risco relativo, além disso, foi realizado o teste Mann-Whitney e o teste t pareado para comparação do risco coronariano entre as unidades de saúde e a frequência na dieta alimentar de alimentos ricos em gorduras saturadas e sódio. Resultados: o risco coronariano médio obtido foi de 31,23 ± 5,3 pontos, classificado pela Michigan Heart Association, como risco moderado. Não houve alteração significativa entre os sexos e as localidades, indicando que o risco coronariano é alto em todo território avaliado. A população apresentou dieta aterogênica, com consumo elevado de gordura saturada e sódio. De acordo com a ordem de prevalência, os fatores mais encontrados foram: percentual de gordura saturada na dieta, hereditariedade, sobrepeso, pressão arterial, sedentarismo e tabagismo respectivamente. Considerações finais: foram evidenciados casos de alto risco, alertando para a necessidade da elaboração e inserção de políticas de promoção de saúde, a fim de minimizar as possibilidades de ocorrência de eventos coronarianos, sobretudo em uma população idosa.

  13. Percepção dos trabalhadores avulsos sobre os riscos ocupacionais no porto do Rio Grande, Rio Grande do Sul, Brasil Temporary workers' perceptions of occupational risks in the port of Rio Grande, Rio Grande do Sul State, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jorgana Fernanda de Souza Soares

    2008-06-01

    Full Text Available Este é um estudo transversal, descritivo, com abordagem quantitativa, realizado no porto do Rio Grande, Rio Grande do Sul, Brasil e objetivou identificar a percepção, em uma amostra com 306 trabalhadores portuários avulsos, sobre risco à saúde no trabalho. A maioria dos trabalhadores portuários avulsos (93,46% reconheceu que existem riscos à sua saúde no trabalho e isso foi independente do grau de instrução (p = 0,44, atividade desenvolvida (p = 0,47. Os riscos identificados no grupo geral de trabalhadores portuários avulsos foram queda de objetos suspensos (8,43 ± 2,47, ruídos (8,06 ± 2,32 e intempéries (8,05 ± 2,48. Os riscos significativamente diferentes entre as atividades foram: ruídos (p = 0,00, levantamento manual de carga (p = 0,00, ferramentas de trabalho (p = 0,00, componentes dos ternos em número abaixo do ideal (p = 0,03, ganho por produtividade (p = 0,00, ritmo de trabalho (p = 0,01, trabalho em altura (p = 0,00, deslocamento do trabalhador sobre as cargas (p = 0,00, escadas de acesso às embarcações (p = 0,00. Pode-se corroborar que o trabalho portuário avulso é insalubre e perigoso, e os riscos se apresentam aos trabalhadores em consonância com a atividade por eles desenvolvida.This was a cross-sectional, descriptive, quantitative study in the port of Rio Grande, Rio Grande do Sul, Brazil, aimed at identifying occupational risk perceptions in a sample of 306 temporary dockworkers. Most temporary dockworkers (93.46% acknowledged the existence of health risks on the job, independently of schooling (p = 0.44 and job activity (p = 0.47. Risks identified by temporary workers as a whole included falling of suspended objects (8.43 ± 2.47, noise (8.06 ± 2.32, and bad weather conditions (8.05 ± 2.48. Risks that varied significantly between jobs were: noise (p = 0.00, lifting loads manually (p = 0.00, work tools (p = 0,00, insufficient number of work team members (p = 0.03, extra wages based on productivity (p = 0

  14. Estudo sobre os riscos da profissão de estivador do Porto do Mucuripe em Fortaleza Occupational risks among dock workers in the Port of Mucuripe, Fortaleza, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francisco Fábio Gadelha Cavalcante

    2005-12-01

    Full Text Available Os estivadores do Porto do Mucuripe são trabalhadores sem vínculo empregatício com a Companhia Docas do Ceará. Atuam no convés e no porão dos navios, fazendo o embarque, o desembarque e a organização dos contêineres. Neste ambiente de constante exposição a riscos, o médico do trabalho é fundamental na organização de planos de prevenção de acidentes, de educação dos trabalhadores e de monitorização dos riscos. O objetivo do artigo é caracterizar e conhecer o estivador, correlacionar o ambiente portuário e o seu processo produtivo com os fatores de risco e os agravos associados, bem como ressaltar a importância da medicina do trabalho para o controle de tais riscos. O trabalho de campo foi desenvolvido nos meses de janeiro e de fevereiro de 2003, com a aplicação de 60 questionários aos estivadores. A análise dos dados evidencia que os principais problemas de saúde inerentes à profissão de estivador são, entre outros, os distúrbios osteoarticulares (hérnia de disco e desgastes na articulação do joelho e metabólicos (diabetes e hipertensão arterial. Estes se devem não só ao trabalho, mas também e, com grande influência, ao contexto de vida destes profissionais.The stevedores of the Port of Mucuripe are workers without employment bond with the Company Dock of Ceará. They act in the deck and the stowage of the ships, making the embarkment, the landing and the organization of containers. In this environment of constant exposition to risks, occupational physician is basic in the organization of plans of prevention of accidents, education of the workers and monitorization of the risks. The objective of this article is to characterize and to know the stevedore’s job, to correlate the port environment and its productive process with the factors of risk and the damages associates, as well as standing out the importance of the Occupational Medicine for the control of such risks. The fieldwork was developed in the

  15. Uma reflexão sobre os critérios de prevenção de riscos na atividade de trabalho em prensas A reflexion about risk prevention criteria in work with presses activity

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Cândida Ferreira Lima

    2009-01-01

    Full Text Available Este artigo tem por objetivo discutir a concepção de critérios de prevenção dos riscos no trabalho em prensas, especificamente no atual contexto produtivo da indústria automotiva. Foi realizada a análise ergonômica do trabalho focada em uma linha de estampagem de uma indústria de autopeças, inserida em uma rede de fornecedores de uma grande montadora, no momento da implantação dos dispositivos de proteção previstos no Programa de Proteção de Riscos em Prensas e Similares (PPRPS. Os resultados obtidos através da análise da atividade de trabalho realizada antes e após a inserção das cortinas de luz e dos novos comandos bimanuais demonstram: os limites dos critérios preventivos que norteiam o PPRPS, circunscritos às interfaces homem-máquina; a centralidade dos condicionantes organizacionais expressos nas exigências de produtividade e qualidade nas possibilidades de gestão dos riscos pelos trabalhadores e o caráter não integrado da prevenção dos acidentes típicos e dos distúrbios musculoesqueléticos.This article is aimed at the concept of risk prevention criteria when working with presses, specifically in the current production context of the automotive industry. An ergonomics work analysis of an auto parts manufacturer's stamping production line operating in a network of suppliers for a large assembly plant was implemented, at the moment proposed protective devices were introduced by the Risk Prevention in Presses and Similar Equipments Program (RPPSEP. The results obtained from the analysis of the activity of work carried out before and after the introduction of light curtains and new bimanual controls demonstrate: the limits of the preventative criteria that guide RPPSEP, circumscribed by the man-machine interfaces; the organizational constraints of the importance of productivity and quality requirements in worker risk management possibilities, and the non-integrated prevention character of typical accidents and

  16. Os riscos na reestruturação econômica da América Latina: lições da teoria prospectiva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kurt Weyland

    2000-04-01

    Full Text Available A Teoria Prospectiva, teoria psicológica de tomada de decisões que lançou uma nova luz sobre as escolhas em política externa, sustenta que as pessoas tendem a correr grandes riscos quando encontram perdas, enquanto que, quando antecipam ganhos, tendem a proceder com grande cautela. Este artigo introduz a teoria prospectiva ao estudo de política comparada para explicar as arrojadas escolhas da política econômica de presidentes em países em crise como Argentina, Brasil e Peru e o supreendente grau de apoio popular que tais medidas arriscadas e custosas tiveram nesses países. Da mesma forma procura entender o curso cauteloso das reformas recentes no Chile, um país com melhores projeções econômicas.Prospect theory, a psychological theory of decision making that has shed new light on foreign policy choices, maintains that people tend to take high risks when anticipating gains. This article introduces prospect theory to the study of comparative politics in order to account for the bold economic policy choices that presidents made in crisis-ridden Argentina, Brazil and Peru, and the surprising degree of popular support that such risky and costly measures commanded in these countries; and conversely, to explain the cautious course of reform recently pursued in Chile, a country with better economic prospects.

  17. Por que os motociclistas profissionais se acidentam?: riscos de acidentes e estratégias de prevenção

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eugênio Paceli Hatem Diniz

    Full Text Available O trabalho dos motociclistas profissionais constitui o foco investigativo do presente estudo, que fornece elementos para subsidiar os atores sociais nas negociações relativas à melhoria das condições de trabalho da categoria. Adotando-se a abordagem teórico-metodológica da escola da ergonomia da atividade, foi possível conhecer os constrangimentos vivenciados e as estratégias construídas pelos motociclistas profissionais em face dos principais fatores socioeconômicos que geram pressão temporal no desenvolvimento da atividade.Os resultados obtidos foram analisados considerando-se o modo de funcionamento das unidades de produção em suas articulações com as instituições da cidade e a rede de serviços que garantem a meta de produzir mais em menor tempo. Finalmente, o estudo permitiu descrever os fatores acidentogênicos, ligando o plano macroeconômico e suas leis de mercado à rede técnico-organizacional que sustenta as unidades produtivas, gerando o comportamento do tempo zero. É nesta encruzilhada que o motociclista profissional elabora as suas estratégias para garantir as metas de produção, a satisfação do cliente e a sua autoproteção, nem sempre bem-sucedida, contra os acidentes no trânsito.

  18. Os coletores de lixo urbano no município de Dourados (MS e sua percepção sobre os riscos biológicos em seu processo de trabalho The perception of urban garbage collectors of Dourados, in the state of Mato Grosso do Sul, regarding the biological risks involved in their work routine

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Michelly Angelina Lazzari

    2011-08-01

    Full Text Available A coleta de lixo urbano apresenta vários riscos ocupacionais. O objetivo foi identificar os riscos biológicos a que estão expostos os coletores de lixo urbano de Dourados/MS. Foi feita uma pesquisa qualitativa, segundo o Discurso do Sujeito Coletivo de Lefévre e Lefévre. A população abrangeu 42 trabalhadores, lotados na empresa que presta serviços à Secretaria Municipal de Serviços Urbanos. A coleta de dados através de entrevistas ocorreu de setembro de 2005 a janeiro de 2006. As entrevistas duraram em média 40 minutos, foram realizadas no escritório da empresa, em horário de chegada dos funcionários, gravadas em fita K7 e transcritas. Os riscos biológicos, segundo os coletores, são acidentes com vidro, seringas, espinhos, mordida de cães e contato com substâncias do lixo. Os acidentes com perfurocortantes constituem porta-de-entrada para microorganismos como bactérias, vírus e fungos. A contaminação com vírus (HIV e Hepatites B e C pode ocorrer através de acidentes com agulhas contaminadas descartadas nos resíduos. Concluímos que os riscos biológicos na coleta de lixo urbano podem diminuir com orientações à população.There are several occupational risks inherent to urban garbage collection, and the scope of this study was to identify the biological risks to which urban garbage collectors in Dourados/MS are exposed. A qualitative study using the Lefévre and Lefévre Collective Subject Discourse method was used with 42 urban garbage collectors working for the outsourced provider to the Municipal Department of Urban Services. Data were collected from September 2005 to January 2006. The interviews had an average duration of 40 minutes, and were recorded at the company office when the workers arrived to start their working day and subsequently transcribed. The biological risks mentioned by the garbage pickers were accidents with glass, syringes, thorns, dog bites, and contact with substances found in the garbage

  19. A saúde e os riscos dos pescadores e catadores de caranguejo da Baía de Guanabara The health and risks of fishermen and crab catchers of Guanabara Bay

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Márcia Ferreira Mendes Rosa

    2010-06-01

    Full Text Available O artigo discute a saúde, os riscos e o trabalho dos pescadores e catadores de caranguejo da região da APA de Guapimirim na Baía de Guanabara. Eles são típicos trabalhadores informais, sem proteção e garantias trabalhistas. Estão expostos a vários riscos no seu dia a dia, como acidentes com embarcações, com os apetrechos de pesca, com o próprio pescado, afogamentos, além de estarem expostos à grande radiação e variações climáticas. Há ainda a sobrecarga de peso e trabalho e a própria atividade noturna que potencializa mais os riscos. A partir de uma amostra de cem trabalhadores, que relataram por meio de uma pesquisa exploratória e descritiva de abordagem quanti-qualitativa, traçou-se um perfil dos mesmos. São trabalhadores que possuem baixa escolaridade, predominando o primeiro grau incompleto (63% e com 12% do total de analfabetos. Uma parcela desses trabalhadores (44% relataram possuir doenças ou agravos à saúde. Essas doenças estão relacionadas à sobrecarga de peso, à grande jornada de trabalho e todas as situações de periculosidade a que estão expostos em suas atividades. Foram identificadas grandes dificuldades desses trabalhadores em realizar o seu labor, havendo a necessidade urgente de encontrar medidas que possam melhorar suas condições de trabalho e vida.The article discusses the health, risks and the work of fishermen and crab catchers in region of APA Guapimirim in Guanabara Bay. Fishermen and crab catchers are typical informal workers, they suffer from lack of protection and working guarantee. They are exposed to working risks day by day such as accidents with fishing boat, fishing equipment, the own fish, drowning, as well as a lot of radiation and climatic variation. There are still the weight and work overload, as well as the activities done at night that increase the potential risks. A sample of 100 fishermen and crab catchers had told by quantitative-qualitative research that it was possible

  20. Fatores de risco para mortalidade neonatal, com especial atenção aos fatores assistenciais relacionados com os cuidados durante o período pré-natal, parto e história reprodutiva materna

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Samir B. Kassar

    2013-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Identificar fatores de risco para mortalidade neonatal, com especial atenção aos fatores assistenciais relacionados com os cuidados durante o período pré-natal, parto e história reprodutiva materna. MÉTODOS: Trata-se de um estudo caso-controle realizado em Maceió, Nordeste do Brasil. A amostra consistiu de 136 casos e 272 controles selecionados em bancos de dados oficiais brasileiros. Os casos foram todos os recém-nascidos que morreram antes de completar 28 dias de vida, selecionados no Sistema de Informações sobre Mortalidade, e os controles foram os sobreviventes neste período, selecionados no Sistema de Informações sobre Nascidos Vivos, por sorteio aleatório entre as crianças nascidas na mesma data do caso. Entrevistas domiciliares foram realizadas com as mães. RESULTADOS: A análise de regressão logística identificou como fatores determinantes para a morte no período neonatal mães com história de filhos anteriores que morreram no primeiro ano de vida (OR = 3,08, o internamento durante a gestação (OR = 2,48, o pré-natal inadequado (OR = 2,49, a não realização de ecografia durante o pré-natal (OR = 3,89, a transferência de recém-nascidos para outra unidade após o nascimento (OR = 5,06, os recém-nascidos internados em UTI (OR = 5,00 e o baixo peso ao nascer (OR = 2,57. Entre as condições socioeconômicas, observou-se uma maior chance para mortalidade neonatal em residências com menor número de moradores (OR = 1,73 e com ausência de filhos menores de cinco anos (OR = 10,10. CONCLUSÕES: Vários fatores que se mostraram associados à mortalidade neonatal neste estudo podem ser decorrentes de assistência inadequada ao pré-natal, ao parto e ao recém-nascido, sendo, portanto, passíveis de serem modificados.

  1. Atividade do mototaxista: riscos e fragilidades autorreferidos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mariéli Brum da Silva

    2011-12-01

    Full Text Available Pesquisa descritiva, de abordagem qualitativa que teve como objetivo identificar riscos ocupacionais e fragilidades autorreferidas por mototaxistas. Os dados foram coletados, no primeiro semestre de 2010, mediante entrevistas junto a doze mototaxistas, convidados a participar, e que trabalham em dois pontos centrais de um município do interior do estado do Rio Grande do Sul. Os dados foram tratados por meio da análise temática, a partir da qual foram reveladas cinco categorias. De acordo com a percepção dos sujeitos, os acidentes e os assaltos representam os maiores riscos da profissão. Pode-se inferir que ações de educação em saúde e de prevenção de agravos podem ser estratégias governamentais e não governamentais que agregam valor à saúde e segurança destes trabalhadores.

  2. Treinamento físico no risco de doença isquêmica cardíaca em sujeitos HIV/AIDS em uso de TARV

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alexandre Ramos Lazzarotto

    2014-06-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: A terapia antirretroviral combinada (TARV foi introduzida no Brasil em 1996, como parte da política nacional de acesso gratuito aos serviços de saúde e medicamentos. Infelizmente, o seu uso contínuo tem sido associado com mudanças na distribuição da gordura corporal e com alterações metabólicas que podem aumentar a morbidade e mortalidade nesta população. O treinamento físico tem sido estudado como uma estratégia eficaz de intervenção não farmacológica para melhorar os parâmetros de aptidão física relacionados à saúde e para minimizar os efeitos indesejáveis ​​da infecção pelo HIV e/ou o uso prolongado da TARV, no entanto, há poucos estudos sobre o treinamento físico, síndrome lipodistrófica e cardiologia. OBJETIVO: Avaliar o risco de doença isquêmica cardíaca em sujeitos HIV/AIDS em uso de TARV praticantes de treinamento concorrente com séries simples. MÉTODOS: Quatorze sujeitos foram avaliados através da circunferência abdominal, pressão arterial sistólica (PAS e diastólica (PAD, colesterol total (CT, HDL, LDL, triglicerídeos (TG e glicemia. Para a estimativa do risco coronariano em 10 anos utilizou-se o Escore de Framingham. RESULTADOS: A maioria dos sujeitos situou-se dentro dos valores de referência para as variáveis analisadas, exceto para os valores de LDL e TG. Treze sujeitos (92,7% ficaram abaixo dos 10% de risco coronariano em 10 anos, e apenas um (7,3% estava em risco moderado. Houve correlação significativa entre o tempo de treinamento e a PAS. CONCLUSÃO: Sugere-se a realização de ensaios clínicos randomizados para avaliar os mesmos desfechos deste estudo.

  3. Análise preliminar de riscos sobre o gerenciamento dos resíduos de serviços de saúde de uma instituição de ensino em Mato Grosso do Sul: estudo de caso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marjolly Priscilla Shinzato

    Full Text Available No presente trabalho foram caracterizados, qualitativa e quantitativamente, os resíduos de serviços de saúde (RSS do Centro de Ensino em Saúde (CES de uma instituição pública de ensino localizada em Campo Grande-MS. Foi investigado o gerenciamento dos resíduos de 25 laboratórios de ensino e pesquisa, que geram em média 155,9 kg de RSS por semana. Determinou-se para o CES as taxas de geração de resíduos iguais a 0,29 kg.pesquisa-1.dia-1 e 0,11 kg.aula-1.dia-1; respectivamente, para as atividades de pesquisa e ensino. Após a análise preliminar de riscos, verificou-se que a instituição apresenta riscos químicos e biológicos que se estendem para fora do limite de suas instalações, impactando direta ou indiretamente a sociedade e o ambiente. Muitos laboratórios se enquadraram na categoria de risco máximo, sendo os mais críticos os de Patologia, Histologia, Anatomia Humana e Anatomia Veterinária.

  4. Risco ocupacional de adquirir tuberculose entre trabalhadores de enfermagem hospitalar

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elisabete Takeda

    2001-09-01

    Full Text Available Nos hospitais, os indivíduos tuberculosos são atendidos por vários profissionais e dentre eles os trabalhadores de enfermagem. Esses trabalhadores estão sujeitos a riscos de infecção tuberculosa. O estudo objetivou: levantar o número de trabalhadores de enfermagem do hospital que adquiriram tuberculose, e as características gerais em um período pré determinado; levantar a morbidade dessa doença e discutir o risco ocupacional entre estes trabalhadores. Em um ano os trabalhadores apresentaram risco 3.86 vezes maior e em outro, 1.47 vezes maior de adquirir a doença. Neste estudo a tuberculose foi considerada de risco ocupacional para os trabalhadores de enfermagem.

  5. Comportamentos de risco entre jovens

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Câmara, Sheila Gonçalves

    2005-01-01

    Full Text Available Diariamente, tomamos conhecimento de um grande contingente de ações violentas, aparentemente gratuitas, cometidas por jovens. Além disso, outros aspectos como o problema dos acidentes de trânsito, a crescente epidemia da AIDS em faixas etárias cada vez menores, assim como a alta incidência de gravidez na adolescencia e o consumo elevado de substâncias psicoativas por fovens chamam atenção. Realizamos um mapeamento acerca dos comportamentos de risco de enfrentamento violento, conduta sexual de risco e consumo de drogas ilegais em 389 jovens, estudantes do ensimo médio em escolas públicas e privadas da cidade de Porto Alegre. Foram investigads, ainda, fatores relativos a estratégias de coping, bem estar psicológico e apoio familiar e de amigos. Os resultados indicam um panorama bastante positivo em relação aos comportamentos de risco entre jovens estudantes. Este mapeamento serve de base para intervenções futuras que tenham como direcionamento, incrementar fatores de proteção já presentes na vida dos jovens

  6. Percepção de trabalhadores metalúrgicos sobre problemas de saúde e riscos ambientais Metal worker's perceptions on health problems and environmental risks at the workplace

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nelly Martins Ferreira Candeias

    1998-10-01

    Full Text Available Desenvolveu-se um estudo em Osasco, na Grande São Paulo, para conhecer os principais problemas de saúde percebidos por metalúrgicos em seus locais de trabalho e as ações necessárias, por eles sugeridas para preveni-los ou minimizá-los. Com este objetivo, 452 trabalhadores foram entrevistados. Os dados foram coletados por meio de questionários que perguntavam quais os 5 principais problemas de saúde em seus locais de trabalho e, desses, qual o mais importante. Também se perguntou o que os supervisores, gerentes e trabalhadores poderiam fazer para evitar ou minimizar os problemas de saúde e riscos ambientais, considerados como constituindo os mais importantes entre os anteriormente mencionados. De acordo com suas respostas, muito embora o risco químico fosse o mais freqüentemente mencionado, as sugestões referentes a ações a serem desencadeadas prenderam-se a fatores psico-sociais, ou seja, a problemas humanos da administração e do comportamento organizacional.Research was carried out in Osasco, Greater São Paulo, to know the main health problems perceived by metalworkers' at their workplace and the need actions to prevent it or minimize them. With this objectif in mind, 452 workers were interviewed at a metallurgic industry by means of a questionnaire in which they were asked first to mention five health problems perceived at the workplace, and then to select the most important one. They were also asked what they thought managers, supervisors and workers could do to avoid or minimize the main risk each worker had selected. According to their answer, although the chemical risk was the most frequently mentioned, the suggestions to actions to be implemented by supervisors and managers were related to psycho-social factors, that is, human problems of administration and organizational behavior.

  7. O índice de sustentabilidade empresarial (ISE e os impactos no endividamento e na percepção de risco The corporate sustainability index (CSI and the impacts on indebtedness and risk perception

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Evimael Alves Teixeira

    2011-04-01

    Full Text Available Este estudo investigou se a forma de financiamento das empresas é afetada pela participação das firmas no Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE. Como objetivo complementar, foi analisada a relação entre o ISE e o risco. A fundamentação partiu da teoria da sinalização que apresenta possíveis soluções para mitigar problemas de adverse selection causados pela assimetria de informações e usada no caso de haver necessidade de tomada de decisões sobre investimentos em ambientes de incerteza. Foi utilizado um Experimento Natural, a partir de uma amostra de 378 empresas, divididas em dois grupos: um de tratamento e outro de controle, com dados em painel e duplo efeito fixo. Os resultados encontrados indicam, estatisticamente, que empresas que sinalizaram Responsabilidade Social Corporativa (RSC tiveram uma relação negativa com o endividamento e o risco, quando comparadas com aquelas que não sinalizam. Esses resultados ajudam a entender a relevância dos índices de sustentabilidade como um canal de informação crível do comprometimento da empresa com a RSC.This study investigated whether the way firms fund themselves is affected by their participation in the Corporate Sustainability Index (CSI. As a complementary objective, we analyzed the relationship between the CSI and risk, based on signaling theory, which presents possible solutions to mitigate adverse selection problems caused by asymmetric information, used when there is a need to make decisions about investments in uncertain settings. We used a natural experiment based on a sample of 378 firms, divided into a treatment and a control group, with panel data and double fixed effect. The results indicate that the signaling of corporate social responsibility (CSR was negatively related to indebtedness and risk when compared with firms that did not engage in such signaling. These results shed light on the relevance of sustainability indexes as a credible way for firms to

  8. A educação de jovens em espaços de restrição de liberdade: fatores de risco associados. Education of youngsters under imprisonment and related risk factors

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pasian, M. S.

    2014-11-01

    Full Text Available Studies on young people who live in restricted areas under liberty deprivation are relevant to improve educational measures and put them into effect, once education is a way of achieving a positive reintegration of young institutionalized people into society. This paper starts describing and discussing national articles, selected from SciELO and LILACS databases, focusing on education inside restricted areas with liberty deprivation, specifically addressing young population. Then, the paper discusses child abuse, learning disabilities and behavior problems, all issues related to risk factors that may lead to children and adolescent’s conduct impairment, being, many times, the cause and/or reinforcement of violent behavior and delinquency. This research found that there is a considerable shortage of articles on education of young people living under liberty deprivation in Brazil. The analyzed national publications reflect, as well as authors from other countries, that many young offenders have experienced abuse and/or parental neglect during their childhood, have exhibited behavior problems and/or learning disabilities. Estudos sobre os jovens em espaços de restrição e privação de liberdade são relevantes para que medidas educacionais sejam efetivadas e aprimoradas, sendo que a educação é um meio de acesso à reintegração do jovem institucionalizado na sociedade de forma positiva. O presente trabalho primeiramente descreve e discute, através de uma busca nas bases de dados SciELO e LILACS, artigos nacionais produzidos no campo da educação em espaços de restrição e privação de liberdade, especificamente referente à população jovem. Em um segundo momento o artigo discute sobre maus-tratos infantis, dificuldades de aprendizagem e problemas de comportamento, os quais são temas relacionados a fatores de risco que podem levar ao comprometimento da conduta da criança e do adolescente, sendo, por vezes, causadores e/ou refor

  9. Indicadores de risco para o parto prematuro

    OpenAIRE

    Bittar,Roberto Eduardo; Zugaib, Marcelo

    2009-01-01

    Entre os vários fatores clínicos para o parto prematuro, alguns apresentam riscos substanciais, tais como história de parto prematuro, gemelidade e sangramento vaginal do segundo trimestre. No entanto, tais fatores estão presentes na minoria das mulheres que evoluem para o parto prematuro e, portanto, possuem baixa sensibilidade. A dilatação, o esvaecimento e a posição do colo uterino diagnosticados pelo toque vaginal têm sido relacionados ao aumento do risco para o parto prematuro, mas possu...

  10. Os riscos de extinção de sapos, rãs e pererecas em decorrência das alterações ambientais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vanessa K. Verdade

    2010-01-01

    Full Text Available Cerca de 30% das espécies do grupo de sapos, rãs e pererecas sofrem ameaça de extinção, já tendo sido extintas 35 dessas espécies. Por apresentarem pele fina e permeável e, na maioria dos casos, fase larval que vive em ambiente aquático, esses animais são muito sensíveis a alterações tanto do ambiente aquático como do solo e do ar. O maior responsável pelos fatores geradores dessa crise é o estilo de vida da sociedade atual que produz altos índices de poluição, o aquecimento global, a invasão de espécies exóticas, o aumento da incidência de radiação ultravioleta e o surgimento de epidemias. Se não houver consciência da responsabilidade humana por essa crise e se não houver mudanças no seu modo de vida, essa ameaça se estenderá a todos, contemplando especialmente os humanos.Approximately 30% of the species of frogs and toads are threatened with extinction, and indeed 35 of these species are already extinct. As they present thin and permeable skin and, in most cases, live their larval phase in an aquatic environment, these animals are very sensitive to alterations both of the aquatic environment and of the soil and air. The greatest generating factors of such crisis are the life style of our current society - which produces high pollution levels - global warming, invasions of exotic species, the increase in the incidence of ultraviolet radiation, and the emergence of epidemics. If awareness about human responsibility for this crisis is not raised and no changes in human life style take place, this threat will reach all species, especially humans.

  11. O uso de cloro na desinfecção de águas, a formação de trihalometanos e os riscos potenciais à saúde pública

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sheila T. Meyer

    1994-03-01

    Full Text Available Antes do desenvolvimento da teoria dos microorganismos como causadores de doenças (1880, acreditava-se que estas eram transmitidas através de odores. A desinfecção, tanto da água de abastecimento como dos esgotos, surgiu como uma tentativa da eliminação desses odores. Existem muitos agentes desinfetantes, mas, em geral, o cloro é o principal produto utilizado na desinfecção de águas de abastecimento. A presença de compostos orgânicos em águas que sofrem o processo de cloração resulta na formação dos trihalometanos, compostos formados por um átomo de carbono, um de hidrogênio e três de halogênio (cloro, bromo, iôdo. Os trihalometanos são considerados compostos carcinogênicos e sua presença na água deve ser evitada. Levantamentos epidemiológicos relacionando a concentração dos trihalometanos com a morbidade e a mortalidade por câncer evidenciaram associações positivas em alguns casos de carcinomas. Entretanto, a substituição do cloro por outro desinfetante no tratamento da água pode trazer mais riscos do que benefícios, considerando-se que a diminuição da incidência de doenças transmissíveis pela água somente foi alcançada com a difusão do emprego da técnica de cloração.

  12. O uso de cloro na desinfecção de águas, a formação de trihalometanos e os riscos potenciais à saúde pública

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Meyer Sheila T.

    1994-01-01

    Full Text Available Antes do desenvolvimento da teoria dos microorganismos como causadores de doenças (1880, acreditava-se que estas eram transmitidas através de odores. A desinfecção, tanto da água de abastecimento como dos esgotos, surgiu como uma tentativa da eliminação desses odores. Existem muitos agentes desinfetantes, mas, em geral, o cloro é o principal produto utilizado na desinfecção de águas de abastecimento. A presença de compostos orgânicos em águas que sofrem o processo de cloração resulta na formação dos trihalometanos, compostos formados por um átomo de carbono, um de hidrogênio e três de halogênio (cloro, bromo, iôdo. Os trihalometanos são considerados compostos carcinogênicos e sua presença na água deve ser evitada. Levantamentos epidemiológicos relacionando a concentração dos trihalometanos com a morbidade e a mortalidade por câncer evidenciaram associações positivas em alguns casos de carcinomas. Entretanto, a substituição do cloro por outro desinfetante no tratamento da água pode trazer mais riscos do que benefícios, considerando-se que a diminuição da incidência de doenças transmissíveis pela água somente foi alcançada com a difusão do emprego da técnica de cloração.

  13. Esteatose hepática não alcoólica: relação com a síndrome metabólica e os fatores de risco cardiovascular em adolescentes obesos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Wener Barbosa Resende

    2014-03-01

    Full Text Available Objetivo: Avaliar a associação entre esteatose hepática não alcoólica (EHNA, síndrome metabólica (SM e fatores de risco cardiovascular (FRCs em adolescentes obesos. Métodos: Estudo observacional do tipo transversal com abordagem quantitativa, realizado de junho a agosto de 2011. Os voluntários foram aleatoriamente selecionados e encaminhados para avaliação clínica no setor de endocrinologia e cardiologia do hospital de clínicas da Universidade Federal de Uberlândia. Participaram 34 adolescentes de 14 a 19 anos, acima do percentil 95 da curva de crescimento. A EHNA foi analisada por ultrassonografia. A SM e os FRCs foram identificados pelos critérios da International Diabetes Federation. Resultados: A amostra foi composta de 14 indivíduos do sexo masculino e 20 do sexo feminino, com idade (16,8±1,6 e índice de massa corporal (IMC (35,7±3,9. A ocorrência de EHNA e SM foi de 76,5% (n=26 e 50% (n=17, respectivamente. O sexo masculino apresentou maior ocorrência de EHNA (78,6%, n=11, SM (64,3%, n=09 e associação de EHNA com SM (50%, n=07. Em relação aos FRCs 100% (n=34, 61,8% (n=21 e 52,9% (n=18 dos adolescentes apresentaram valores aumentados da circunferência da cintura (CC, da lowdensity- lipoprotein cholesterol (LDL-C e pressão arterial sistólica (PAS, respectivamente, e 52,9% (n=18 apresentaram baixos valores de high-density lipoprotein cholesterol (HDL-C. Houve correlações entre SM e triglicerídeos, PAS e diastólica e HDL-C, e entre EHNA, IMC e CC. Conclusão: Observou-se uma alta ocorrência de EHNA, SM e FRCs em adolescentes obesos. Uma forte correlação foi observada entre EHNA e SM, e entre FRCs com EHNA e SM.

  14. Prevalência de fatores de risco coronariano em praticantes de futebol recreacional

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    P.H.G. Gomides

    2016-06-01

    Conclusão: Os fatores de risco coronariano mais prevalentes nos praticantes de futebol recreacional foram o excesso de peso, o sedentarismo e a hipercolesterolemia, apresentando classificação de risco médio e crescimento com o aumento da idade, sobretudo após os 31 anos.

  15. Fatores de risco associados à sibilância em lactentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lillian S.L. Moraes

    2013-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: identificar possíveis fatores de risco associados à sibilância em lactentes (12 a 15 meses no estado de Mato Grosso, Brasil. MÉTODOS: estudo transversal, utilizando o questionário escrito padronizado do Estudio Internacional de Sibilancia en Lactantes (EISL - fase 3. Pais e/ou responsáveis pela criança foram entrevistados em Unidades Básicas de Saúde quando as procuravam para imunização de rotina ou durante visitas nos domicílios de crianças matriculadas nos programas de saúde da família, no período de agosto de 2009 a novembro de 2010. Fatores associados à sibilância foram avaliados utilizando análise bivariada e multivariada e expressos como odds ratio (OR e intervalo de confiança 95% (IC95%. RESULTADOS: ao todo, um mil e sessenta (n = 1.060 pais e/ou responsáveis responderam o questionário escrito. Os fatores de risco para sibilância foram: história familiar de asma [mãe (OR = 1,62; IC95%= 1,07-2,43; pai (OR = 1,98; IC95% = 1,22-3,23; irmãos (OR = 2,13; IC95% = 1,18-3,87]; história prévia de pneumonia (OR = 10,8; IC 95% = 4,52-25,77; ter mais de seis infecções de vias aéreas superiores (IVAS (OR = 2,95; IC95% = 2,11-4,14 e a primeira IVAS antes dos três meses de idade (OR = 1,50; IC95% = 1,04-2,17; residir em local com moderada poluição (OR = 1,59; IC95% = 1,08-2,33; uso de paracetamol por IVAS (OR = 2,13; IC95% = 1,54-2,95; e uso de antibiótico por infecção na pele (OR = 2,29; IC 95% = 1,18-4,46. CONCLUSÕES: o estudo dos fatores de risco para sibilância no primeiro ano de vida é importante para auxiliar na identificação, entre os lactentes sibilantes, aqueles de alto risco para desenvolver asma, e para o desenvolvimento de estratégias de prevenção por políticas pública de saúde visando minimizar a morbidade da sibilância na infância.

  16. A história e a temporalidade do risco.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Henrique Armani

    2015-06-01

    Full Text Available A partir de um enfoque centrado na história das ideias, pretendo apresentar algumas particularidades do risco como um modo de pensar as sociedades ocidentais contemporâneas. Ainda que o fenômeno do risco e as sociedades balizadas por sua temporalidade possam ser encontrados ao longo da história, entendo que é fundamental elaborar uma distinção entre os tempos do risco, de modo que possamos compreendê-lo em sua lógica temporal contemporânea.

  17. Comparação entre os tratamentos aberto e endovascular dos aneurismas da aorta abdominal em pacientes de alto risco cirúrgico Comparison between open and endovascular treatment of abdominal aortic aneurysms in high surgical risk patients

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Célio Teixeira Mendonça

    2005-09-01

    Full Text Available OBJETIVO: Comparar os resultados dos tratamentos aberto e endovascular de aneurismas da aorta abdominal em pacientes de alto risco cirúrgico. MÉTODOS: O tratamento aberto foi realizado em 31 pacientes, e o endovascular, em 18. Sucesso no tratamento endovascular foi definido como perviedade da endoprótese sem endoleaks ou conversão para tratamento aberto. RESULTADOS: Não houve diferença na mortalidade perioperatória entre o tratamento aberto (dois óbitos [6,45%] em 31 e o endovascular (um óbito [5,55%] em 18 (P = 0,899; também não houve diferença entre a mortalidade tardia no tratamento aberto (dois óbitos [6,9%] em 29 e no endovascular (dois óbitos [11,7%] em 17 (P = 0,572. A taxa de sucesso imediato foi de 100% (31/31 no tratamento aberto e de 66,7% (12/18 no endovascular (P = 0,0006; a taxa de sucesso tardio foi de 100% (27/27 no tratamento aberto e de 73,3% (11/15 no endovascular (P = 0,0047. Os valores médios do tempo de internação na UTI, tempo de internação hospitalar e da perda de sangue para os grupos dos tratamentos aberto e endovascular foram: 65,6 versus 34,1 horas*, 9 versus 5,6 dias* e 932 versus 225 ml*, respectivamente (*P OBJECTIVE: To compare the results of open repair and endoluminal repair of abdominal aortic aneurysms in high surgical risk patients. METHODS: Open repair was performed in 31 patients, and endoluminal repair was performed in 18. Success in the endoluminal repair group was defined as continuing graft function without endoleak or conversion to open repair. RESULTS: No significant difference was found between the perioperative mortality rate for open repair (two deaths [6.45%] in 31 patients and endoluminal repair (one death [5.55%] in 18 patients (P = 0.899; similarly, no significant difference was seen in late mortality between open repair (two deaths [6.9%] in 29 patients and endoluminal repair (two deaths [11.7%] in 17 patients (P = 0.572; The rate of immediate success was 100% (31/31 for

  18. Conhecimento e prática sobre os fatores de risco para o câncer de mama entre mulheres de 40 a 69 anos Knowledge of and practices regarding risk factors for breast cancer in women aged between 40 and 69 years

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriane Pires Batiston

    2011-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: investigar conhecimento e prática sobre os fatores de risco para o câncer de mama entre usuárias da Estratégia de Saúde da Família (ESF. MÉTODOS: estudo transversal com 393 mulheres com idades entre 40 e 69 anos usuárias da ESF na cidade de Dourados, MS. Realizou-se uma entrevista, por meio de um questionário semi-estruturado, investigando-se variáveis sociodemográficas, história familiar e conhecimento/prática sobre os fatores de risco para o câncer de mama. A descrição das variáveis foi feita através de frequência simples e porcentagem. A associação do conhecimento sobre os fatores de risco e as variáveis foram verificadas pelo teste exato de Fisher e qui-quadrado com nível de significância de 5%. RESULTADOS: a idade média foi de 52,5 ± 8,1 anos, o tempo médio de estudo foi de 4,4±3,6 anos, 52,4% das mulheres eram pardas/negras e 66,6% possuiam companheiro. Entre as mulheres, 86,5% receberam alguma informação sobre o câncer de mama. Os fatores de risco para a doença eram conhecidos por 54,2% das mulheres. O conhecimento sobre os fatores de risco associou-se com a história familiar (p=0,004 e anos de estudo (p=0,01. Diante dos fatores de risco conhecidos, a frequência de práticas preventivas entre as mulheres foi de 52,2%. CONCLUSÕES: a identificação de variáveis relacionadas a um menor conhecimento sobre a doença pode auxiliar na adoção de estratégias direcionadas aos grupos mais vulneráveis.OBJECTIVES: to investigate knowledge of and practices regarding risk factors for breast cancer among users of the Family Health Strategy (FHS. METHODS: a cross-sectional study was carried out among 393 women aged between 40 and 69 years using the FHS in the city of Dourados, in the Brazilian State of Mato Grosso do Sul. An interview was conducted using a semi-structured questionnaire to investigate socio-demographic variables, family history and awareness/practices regarding the risk factors for breast

  19. Segurança Transfusional: um método de Vigilância Sanitária para avaliação de riscos potenciais em serviços de hemoterapia / Transfusion Safety: a Health Surveillance method to evaluate potential risks in hemotherapy services

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João Batista Silva Junior

    2014-05-01

    Full Text Available O artigo descreve o método de avaliação de risco potencial em serviços de hemoterapia (MARPSH aplicado pela Vigilância Sanitária (VISA no Brasil. Esse instrumento permite a identificação de riscos potenciais por meio do mapeamento dos multicritérios de controle e modelação das preferências para tomada de decisão, inserindo-o no âmbito da gestão proativa do risco. O MARPSH estrutura-se em 471 itens de controle, sendo 50% relacionados a riscos ao produto, 25% ao paciente, 17% ao doador e 8% ao trabalhador do serviço. Cada risco identificado é categorizado quanto à severidade, sua probabilidade e sua possibilidade de dano. Os sistemas analíticos utilizam a atribuição de duas ponderações, uma na valoração dos itens de controle e outra se refere à complexidade dos procedimentos. A relação entre a pontuação alcançada e a pontuação máxima possível origina o indicador Proporção de Controle (PC, pelo qual o risco potencial é classificado em Baixo (PC ≥ 95%, Médio-Baixo (80% ≤ PC < 95%, Médio (70% ≤ PC < 80%, Médio-Alto (60% ≤ PC < 70% e Alto (PC < 60%. A utilização do MARPSH permite o monitoramento e o controle da redução dos riscos e, consequentemente, o incremento da segurança transfusional. ----------------------------------------------------------------------- This article describes the method for the evaluation of potential risks in hemotherapy services (MARPSH applied by the Brazilian Health Surveillance Agency. It allows the identification of potential risks by mapping them for advanced control and modeling the preferences for decision making as a proactive risk management activity. The MARPSH structure is composed by 471 control items, being 50% related to risks for the product, 25% for the patient, 17% for the donor and 8% for the worker. Each identified inadequacy is categorized by its severity, its probability and relatively of a possibility of a hazard. For its analysis, the system adopted

  20. Lucratividade e risco de sistemas de produção de grãos com pastagens, sob sistema plantio direto Profitability and risk of production systems with pasture under no-tillage system

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renato Serena Fontaneli

    2006-02-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo de cinco anos foi avaliar o desempenho de cinco sistemas de produção: sistema I (trigo/soja, ervilhaca/milho e aveia branca/soja; sistema II (trigo/soja, pastagem de aveia preta + ervilhaca/milho e aveia branca/soja; sistema III [pastagem perene de estação fria (festuca + trevo branco + trevo vermelho + cornichão]; sistema IV [pastagem perene de estação quente (pensacola + aveia preta + azevém + trevo branco + trevo vermelho + cornichão]; e sistema V (alfafa para feno. As parcelas dos sistemas III, IV e V, retornaram para o sistema I, a partir do verão de 1996. O delineamento experimental foi em blocos ao acaso, com quatro repetições. Foram aplicados à receita líquida quatro tipos de análise nos sistemas de produção: análise da receita líquida, da média variância, da distribuição de probabilidade acumulada e da dominância estocástica. Pela análise da receita líquida e da média variância, não houve diferença significativa entre os sistemas estudados. O sistema IV mostrou-se a melhor alternativa de produção, levando-se em conta lucratividade e menor risco, pela análise da dominância estocástica.The objective of this five-year study was to assess the performance of five production systems: system I (wheat/soybean, white oat/soybean, and common vetch/corn; system II (wheat/soybean, white oat/soybean, and oat + common vetch pasture/corn; system III [perennial cool season pasture (tall fescue + white clover + red clover + birdsfoot trefoil]; and system IV [perennial warm season pasture (bahiagrass + black oat + ryegrass + white clover + red clover + birdsfoot trefoil]; and system V (alfalfa as hay crop. The plot under systems III, IV, and V returned to system I after the summer of 1996. The treatments were allocated in a complete randomized block design, with four replications. Four types of analysis were applied to the net return of production systems: net return, mean-variance, distribution

  1. Estratégias de comercialização da soja: análise de portfólios, sob condições de risco Soybeans marketing strategies: portfolio analysis; under risk conditions

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Judas Tadeu Grassi Mendes

    2008-12-01

    Full Text Available A soja é a cultura mais importante do agronegócio brasileiro. Entretanto, na época da comercialização, os sojicultores defrontam-se com o dilema de "quanto", "quando" e "como" vender sua produção, devido ao fato de a mesma ser uma atividade realizada sob condições de risco e de incerteza. Através da utilização de um modelo matemático de programação quadrática, buscou-se determinar os melhores portfólios, no sentido de maximizar a renda com certo nível de risco, ou minimizar o risco para certos níveis de renda. O portfólio mais eficiente obtido entre todos diz respeito a produtores com "média aversão ao risco" (α = 0,30. Dessa forma, tal plano ótimo de comercialização indica que os produtores de soja do Estado do Paraná poderiam armazenar a produção na época da colheita com posterior venda mensal fracionada, o que representaria um total de 90,8% das vendas concentrando-se nos últimos quatro meses do ano.The soybeans complex represents a fundamental role in the brazilian agribusiness. However, at the time of soybeans marketing, producers face a dilemma: "when", "how much" and "how" to sell their production, due to the uncertainties of this activity under risk conditions. By this way, using a mathematical model of quadratic programming, this work has searched for the best portfolio, trying to increase their incomes with some level of risk or to decrease risks at some income level. The most efficient plan is related to producers with medium risk aversion (α = 0,3. This optimum marketing plan shows that soybean producers of Paraná State could store production at the harvest time in order to sell later following, for instance, this schedule: 21,9% in September; 25,1% in October; 19,9% in November and 23,9% in December, which means that 90,8% of all sales concentrated on the last four months of the year.

  2. VEÍCULO TERRESTRE NÃO TRIPULADO COMO EQUIPAMENTO DE PROTEÇÃO NOS LEVANTAMENTOS TOPOGRÁFICOS EM ÁREAS DE RISCO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Raul Marques Pereira Friedmann

    2013-08-01

    Full Text Available Este estudo analisou a possibilidade de adaptar um sistema de levantamentos semi-autônomo composto por uma estação total robotizada e um veículo terrestre não tripulado a fim de reduzir a presença humana sobre amontoados de rejeitos durante o processo de medição dos respectivos volumes. A área de levantamentos topográficos abrange uma ampla variedade de métodos que podem ser empregados em diversos ambientes, entre eles, o controle dos riscos ocupacionais e dos agentes de risco inerentes a cada situação. A indústria de mineração gera, usualmente, grandes quantidades de rejeitos que são amontoados em áreas específicas antes da medição de volume, remoção e transporte para áreas de disposição final. Em geral, a medição do volume exige ocupar uma grande quantidade de pontos na superfície dos amontoados e dependendo da composição do minério, é recomendável minimizar ou mesmo eliminar a presença de trabalhadores sobre eles. No caso específico da mineração de chumbo, o caráter neurotóxico dos compostos ainda presente nos rejeitos, mesmo que em quantidades de traços, reforça a necessidade de proteção.

  3. A produção científica sobre riscos ocupacionais a que estão expostos os trabalhadores de enfermagem La producción científica sobre riesgos ocupacionales a que están expuestos los trabajadores de enfermería The scientific production about occupational risks to which the nursing workers are exposed

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Magda Ribeiro de Castro

    2008-06-01

    Full Text Available Estudo realizado no Curso de Mestrado na Escola de Enfermagem Anna Nery, inserido no Núcleo de Pesquisa em Enfermagem e Saúde do Trabalhador da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Objeto: a produção científica sobre riscos ocupacionais a que estão expostos os trabalhadores de enfermagem. Objetivos: levantar a produção científica dos estudos stricto sensu acerca dos riscos ocupacionais nos trabalhadores de enfermagem; identificar a abordagem (objetiva ou subjetiva acerca desses riscos e analisar os riscos retratados. Estudo bibliográfico e quantitativo dos 42 resumos publicados no Centro de Estudos e Pesquisas em Enfermagem entre 1979 e 2004. Riscos mais expressivos: biológicos, seguidos dos químicos, dos psicossociais e, em menor escala, dos físicos, de acidentes e ergonômicos. Percebeu-se reduzida ênfase dispensada à subjetividade do trabalhador de enfermagem associada à temática estudada, sugerindo lacuna nesta área de conhecimento. Faz-se necessária a reflexão desses riscos na enfermagem, atentando para sua identificação, detecção e controle.Estudio realizado en el Curso de Maestría de la Escuela de Enfermería Anna Nery, inserto en el Núcleo de Investigación en Enfermería y Salud del Trabajador de la Universidad Federal de Río de Janeiro. Objeto: la producción científica sobre riesgos ocupacionales a que están expuestos los trabajadores de enfermería. Objetivos: hacer un búsqueda de la producción científica de los estudios stricto sensu acerca de los riesgos ocupacionales en los trabajadores de enfermería; identificar el abordaje (objetivo o subjetivo acerca de los riesgos y analizar los riesgos retratados. Estudio bibliográfico y cuantitativo de 42 resúmenes publicados en el Centro de Estudios e Investigación en Enfermería entre 1979 a 2004. Riesgos mas expresivos: biológicos, seguido de químicos, psicosociales y en menor escala, los físicos, accidentes y riesgos ergonómicos. Se percibi

  4. Detecção do risco de suicídio nos serviços de emergência psiquiátrica Detecting suicide risk at psychiatric emergency services

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Manoel Bertolote

    2010-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Auxiliar o profissional de saúde na identificação dos fatores de risco e de proteção, e no manejo de pacientes com risco de suicídio, por meio de entrevista clinica, no contexto de emergência médica. MÉTODO: Revisão seletiva da literatura para identificar achados clínicos relevantes e ilustrativos. RESULTADO: A entrevista clinica é o melhor método para avaliar o risco suicida e tem dois objetivos: 1 apoio emocional e de estabelecimento de vínculo; 2 coleta de informações. Existe um número considerável de informações a serem coletadas durante a entrevista: fatores de risco e proteção (predisponentes e precipitantes, dados epidemiológicos, caracterização do ato, aspectos psicodinâmicos, antecedentes pessoais e familiares, modelos de identificação, dados sobre saúde física e rede de apoio social. Dificuldades ao longo da entrevista serão encontradas, mas com conhecimento e treinamento adequado, o profissional poderá abordar e ajudar adequadamente o paciente. Embora várias escalas tenham sido propostas, nenhuma delas demonstrou eficiência para a detecção de risco de suicídio. CONCLUSÃO: Não há como prever quem cometerá suicídio, mas é possível avaliar o risco individual que cada paciente apresenta, tendo em vista a investigação detalhada e empática da entrevista clinica. Impedir que o paciente venha a se matar é regra preliminar e fundamental.OBJECTIVE: Guide the health professional to identify risk factors and forms of protection, together with handling such patient throughout a clinical interview within the emergency service context. METHOD: Selected literature revision so as to identify relevant and illustrative key cases. RESULTS: The clinical interview is the best method to evaluate the suicidal risk and has two different aims: 1 emotional support and creation of a bond; 2 collecting information. There is a substantial amount of information to be collected during the clinical interview

  5. Crianças e adolescentes com história familiar de hipertensão arterial: indicadores de risco cardiovasculares Niños y adolescentes con historia familiar de hipertensión arterial: indicadores de riesgo cardiovasculares Children and adolescents with familiar history of high blood pressure: risk factors for cardiovascular diseases

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Emília Soares Chaves

    2009-12-01

    Full Text Available Objetivo: Identificar emum grupo de crianças e adolescentes com história familiar de hipertensão arterial a presença de indicadores do risco para hipertensão arterial. Métodos: Estudo desenvolvido com 141 indivíduos de seis a 18 anos em uma comunidade de Fortaleza com coleta de dados realizada no domicílio. Resultados: Os indicadores de risco mais presentes foram a ingesta de sal, sedentarismo e ingesta inadequada de legumes. As médias de pressão arterial foram maiores nos indivíduos do sexo masculino. Aqueles que referiram fazer uso de sal na alimentação e não consumir diariamente frutas e legumes apresentaram menores médias. Conclusão: Considera-se a necessidade da identificação precoce de indicadores de risco para hipertensão arterial a fim de prevenir eventos cardiovasculares.Objetivo: Identificar en un grupo de niños y adolescentes con historia familiar de hipertensión arterial, la presencia de indicadores de riesgo para hipertensión arterial. Métodos: estudio desarrollado con 141 individuos de seis a 18 años en una comunidad de la ciudad de Fortaleza con recolección de datos realizada en el domicilio. Resultados: los indicadores de riesgo que aparecieron con más frecuencia fueron la ingestión de sal, sedentarismo y escasa ingestión de legumbres. Los promedios de presión arterial fueron mayores en los individuos del sexo masculino. Aquellos que refirieron hacer uso de sal en la alimentación y no consumir diariamente frutas y legumbres presentaron menores promedios. Conclusión: se considera la necesidad de identificar precozmente los indicadores de riesgo para hipertensión arterial a fin de prevenir eventos cardiovasculares.Objective: To identify the risk factor for cardiovascular diseases among children and adolescents with family history of high blood pressure. Methods: Descriptive Study with 141 individuals aged 6 to 18 years from a community in Fortaleza, Brazil. Data were collected at the participants

  6. O IMPACTO DA MIGRAÇÃO DAS EMPRESAS PARA OS NÍVEIS DIFERENCIADOS DE GOVERNANÇA CORPORATIVA DA BM&F BOVESPA SOBRE O RISCO E O RETORNO DE SUAS AÇÕES./THE IMPACT OF THE MIGRATION OF BUSINESSES TO THE DIFFERENTIATED LEVELS OF BM&F BOVESPA’S CORPORATE GOVERNANCE OVER THE AND RETURN OF ITS SHARES.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ricardo Luiz Menezes da Silva

    2012-08-01

    Full Text Available A transparência das informações é importante para se ter uma diminuição na assimetria das mesmas. Quanto mais informações de qualidade há sobre o negócio ou desempenho econômico e financeiro de determinada empresa, teoricamente, mais se pode esperar uma diferente percepção do risco por parte do investidor. O objetivo deste estudo foi verificar se a iniciativa das empresas em aderir aos Níveis Diferenciados de Governança Corporativa da BM&F BOVESPA impacta tanto no risco quanto no retorno dos preços de fechamento de suas ações. Para isso, foram utilizados os retornos diários de 252 dias antes e após a adesão das empresas aos NDGC. Foram feitos os testes de Kolmogorov-Smirnov para análise da normalidade, o teste paramétrico de médias emparelhadas e o teste não paramétrico de Wilcoxon para medidas de risco absoluto (desvio-padrão e relativo (beta, além de retorno. Foram analisados os comportamentos dos papéis de 48 empresas. Os resultados mostraram que as médias dos retornos das açõesempresariais não apresentaram diferenças significativas antes e após a data de adesão aos NDGC. Por outro lado, as proxies de risco apresentaram-se significativamente diferentes./ The transparency of information is important to diminish the asymmetry of information. Themore quality information there is about the business, or financial and economic performance of a certain company, theoretically, the more one can expect a different perception of risk by the investor. The aim of this study was to verify whether the initiative of the companies to adhere to BM&F BOVESPA’s Differentiated Levels of Corporate Governance impacts both at risk and return of the closing price of its shares. For that, daily returns of 252 days before and after the accession of companies to NDGC were used. Over the measures of absolute risk (standard deviation and relative risk (beta, and return, Kolmogorov-Smirnov tests were made in order to analyze normality

  7. Risco de queda em idosos institucionalizados com doença de Alzheimer

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lucas Lima Ferreira

    2014-03-01

    Full Text Available Este estudo objetivou avaliar o risco de queda em idosos portadores de doença de Alzheimer, residentes em uma Instituição de Longa Permanência, por meio da escala de Tinetti, e correlacionar os dados com os escores de risco. Foram avaliados 20 idosos, a maioria (75% do sexo feminino com idade média de 77,8 ± 10,3 anos. Foram encontrados maiores escores para alto risco de queda nos idosos portadores de DA (70% com um coeficiente de correlação (r = 0,9999 extremamente significante (p = 0,0079.

  8. Riscos ocupacionais entre trabalhadores de enfermagem de uma unidade de terapia intensiva Riesgos ocupacionales entre trabajadores de enfermeria de una unidad de cuidados intensivos Occupational risks among a nursing staff working in an intensive care unit

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vera Médice Nishide

    2004-12-01

    Full Text Available Estudo descritivo no qual foram identificados os principais riscos ocupacionais a que estão expostos os trabalhadores de enfermagem de uma unidade de terapia intensiva. Os dados foram coletados por meio de entrevista individual, utilizando-se roteiro estruturado. Constatou-se que os trabalhadores estão expostos a riscos de acidentes relacionados aos procedimentos de assistência aos pacientes e ao ambiente laboral. Foi observado que a maioria dos trabalhadores utilizavam luvas, máscaras e aventais como barreiras de proteção, e um baixo percentual, óculos de sobrepor como medida de segurança. Concluiu-se que são necessárias mudanças no ambiente de trabalho para minimizar os riscos em procedimentos de assistência e no ambiente laboral, além de treinamento, conscientização de práticas seguras e fornecimento de dispositivos de segurança aos trabalhadores.Estudio descriptivo en el cual fueron identificados los principales riesgos ocupacionales a los que están expuestos los trabajadores de enfermería de una unidad de cuidados intensivos. Los datos fueron recolectados por medio de una entrevista individual, utilizándose un esquema estructurado. Se constató que los trabajadores están expuestos a riesgos de accidentes relacionados a los procedimientos de asistencia a los pacientes y al ambiente laboral. Fue observado que la mayoría de los trabajadores usaban guantes, máscaras y delantales como barreras de protección y un bajo porcentaje usaban anteojos de protección como medida de seguridad. El estudio dejó como conclusión la necesidad de modificaciones en el ambiente de trabajo para minimizar los riesgos en procedimientos de asistencia y del ambiente laboral, aparte del entrenamiento, concientización de prácticas seguras y ofrecimiento de dispositivos de seguridad a los trabajadores.This is a descriptive study that detected the main occupational risks to which the nursing staff working in an intensive care unit are exposed

  9. Herbicidas no alto rio Poxim, Sergipe e os riscos de contaminação dos recursos hídricos Herbicides in the upper Poxim river, Sergipe, and the risk of contamination of water resources

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fábio Brandão Britto

    2012-06-01

    Full Text Available A crescente atividade agrícola em áreas de mananciais tem causado preocupações quanto à contaminação por herbicidas em áreas agrícolas. O problema se torna mais importante quando a contaminação pode afetar a água para uso humano, como ocorre com a água do Rio Poxim, que abastece a cidade de Aracaju, capital do Estado de Sergipe. O objetivo do estudo foi avaliar o risco de contaminação de águas superficiais e subterrâneas por herbicidas no alto da Sub-bacia do Rio Poxim e detectar a presença dos princípios ativos Diuron e Ametrina, à montante das plantações de cana-de-açúcar. A análise de risco foi realizada mediante critérios da Environmental Protection Agency (EPA, índice de GUS e método de GOSS. Observou-se que vários princípios ativos sofrem risco de lixiviação, demonstrando a importância do monitoramento do rio para controle tanto da qualidade da água como da frequência e volume de herbicidas aplicado na região. A partir do resultado, foi realizado um monitoramento bimensal de julho de 2009 a julho de 2010, em dois pontos de amostragem. As amostras de água foram analisadas em laboratório, onde se, constatou a presença de Diuron e Ametrina. A qualidade da água na Sub-bacia do Rio Poxim está sendo influenciada pelo uso de herbicidas na região. Ocorreu um aumento nas concentrações dos herbicidas na água superficial, durante o período chuvoso, provocado possivelmente pelo escoamento superficial.Increased agricultural activity in watershed areas has been causing concern over contamination by herbicides in agricultural areas. The problem becomes more important when contamination can affect water for human consumption, as happens with water from the Poxim river, which supplies the city of Aracaju, capital of the State of Sergipe. The aim of this study was to evaluate the risk of contamination by herbicides to both surface and groundwater in the upper sub-basin of the Poxim River, and to detect the

  10. Relação comercial do ortodontista brasileiro com o seu paciente, natureza obrigacional dos serviços prestados e riscos do tratamento ortodôntico Commercial relation of the Brazilian orthodontist with his patient, obligatory nature of the service performed and risks of the orthodontic treatment

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elionai Dias Soares

    2007-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: investigar a opinião do ortodontista brasileiro sobre a problemática paciente x profissional em relação: 1 à importância da relação comercial estabelecida pelo CDC (Código de Defesa do Consumidor; 2 à natureza obrigacional dos seus serviços ortodônticos; 3 às explicações, ao paciente, dos riscos inerentes ao tratamento ortodôntico. METODOLOGIA: para tal, foi realizado um censo estatístico através de questionário enviado a todos os ortodontistas do Brasil, devidamente inscritos no Conselho Federal de Odontologia. RESULTADOS E CONCLUSÕES: participaram da pesquisa 1.469 ortodontistas (27,43% do universo pesquisado. Dessa forma, verificou-se que 86,93% dos ortodontistas brasileiros reconhecem a importância da relação comercial com seu paciente, de acordo com o CDC; 35,33% dos profissionais consideram a Ortodontia como uma atividade de meio, isto é, execução do tratamento ortodôntico sem promessa profissional de um resultado final; e 63,31% orientam, de forma oral e escrita, os seus pacientes sobre os riscos do tratamento ortodôntico. Concluiu-se que o ortodontista brasileiro está consciente da importância do CDC na relação comercial estabelecida com o seu paciente, o consumidor final. No entanto, apenas uma minoria dos ortodontistas do Brasil (20,97%, além de considerar importante essa relação comercial, entende a atividade ortodôntica como obrigação de meio e mantém o paciente informado, de forma oral e com os devidos registros, dos riscos de um tratamento ortodôntico.AIM: the objective of this study was to investigate the opinion of the Brazilian orthodontist about the patient x professional problematic in relation to: 1 the importance of the commercial relation established by the CDC (Consumer's Defense Code; 2 the obligatory nature of its orthodontic services; 3 the explanations to the patient of the inherent risks to the orthodontic treatment. METHODS: for such, a statistical census through a

  11. Fatores de risco associados à obesidade e sobrepeso em crianças em idade escolar Factores de riesgo asociados a la obesidad y sobrepeso de niños en edad escolar Risk factors associated with obesity and overweight in school children

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patrícia Carriel Silvério Lopes

    2010-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar os fatores de risco associados à obesidade e sobrepeso em crianças de ambos os sexos em idade escolar. MÉTODO: Pesquisa do tipo survey realizada com 162 crianças matriculadas no ensino fundamental I de uma escola pública da cidade de São Paulo. A coleta de dados foi obtida por meio de um formulário contendo dados antropométricos e sobre os hábitos alimentares. Os dados foram analisados por meio de estatística inferencial. RESULTADOS: As crianças com sobrepeso e obesidade representaram 38,2% da amostra. Os fatores de risco associados relevantes foram o consumo de refrigerantes e a prática de atividade física. CONCLUSÃO: O estudo evidencia a presença de sobrepeso e obesidade entre as crianças estudadas, confirmando a tendência mundial de mudança no perfil nutricional da população em geral.OBJETIVO: Analizar los factores de riesgo asociados a la obesidad y sobrepeso en niños en edad escolar de ambos los sexos. MÉTODO: Estudio do tipo survey realizado con 162 niños de una escuela pública en la cuidad de São Paulo, SP, Brasil. La regida de datos fue obtenida por medio de un formulario con datos antropométricos y sobre las costumbres alimentarias. Los datos fueran analizados por el uso de estadística de inferencia. RESULTADOS: Los niños con obesidad y sobrepeso representaron 38,2% de la amuestra. Los factores de riesgo asociado fueran el consumo de refrigerantes del tipo soda y la práctica de ejercicios físicos. CONCLUSIÓN: El estudio evidenció la presencia de obesidad y sobrepeso en la muestra bajo estudio, confirmando la tendencia mundial de cambio en el perfil nutricional da la población en general.PURPOSE: To analyze the risk factors associated with obesity and overweight in school children of both sex. METHOD: Survey study carried out with 162 children students from a public school in the city of São Paulo, SP, Brazil. Data collection was obtained by means of a form with anthropometric data and

  12. O conceito de risco e os seus efeitos simbólicos nos acidentes com instrumentos perfurocortantes El concepto de riesgo y sus efectos simbólicos en accidentes con instrumentos perfurocortantes The concept of risk and its symbolic effects in accidents with sharp instruments

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Everaldo José da Silva

    2012-10-01

    Full Text Available O estudo objetivou compreender o risco ocupacional como um processo simbólico que estrutura as atividades diárias dos profissionais da área de saúde que manipulam instrumentos perfurocortantes. Pesquisa descritiva realizada em um hospital universitário com dados coletados por meio do levantamento dos acidentes de trabalho no Centro de Tratamento Intensivo adulto e na Lavanderia, pela aplicação de um questionário a 105 profissionais de saúde. Os dados foram analisados por meio de uma perspectiva interdisciplinar para conciliar a análise quantitativa e qualitativa dos dados. Os resultados revelaram que, embora os dados indiquem baixo índice de acidentes, ainda é preciso aprimorar instrumentos como o mapa de riscos e o uso de equipamentos de segurança, bem como investir na capacitação das equipes.El estudio tuvo como objetivo comprender los riesgos profesionales en los procesos simbólicos que dan forma a las actividades diarias de los trabajadores de salud que manipulan instrumentos cortantes. Investigación descriptiva realizada en un hospital universitario de con los datos recogidos a través de la encuesta del accidentes de trabajo en la Unidad de Cuidados Intensivos y en el Servicio de lavandería, mediante la aplicación de 105 cuestionarios. Los datos fueron analizados con una perspectiva interdisciplinaria, para una posible conciliación de las análisis cuantitativa y cualitativa. Los resultados revelaron que, aunque los datos indican bajas tasas de accidentes, se necesita mejorar instrumentos tales como el mapa de riesgo, el uso de equipo de seguridad y capacitación del personal.The study aims to understand the occupational risks as symbolic processes that shapes the daily activities of health professionals that manipulate sharps objects. Descriptive research was conducted at a university hospital, with information collected through the survey on the accidents at work in Intensive Care and hospital laundry, with the

  13. As decisões político-jurídicas frente à crise hídrica e aos riscos

    OpenAIRE

    Henkes, Silviana Lúcia

    2008-01-01

    Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Jurídicas. Programa de Pós-Graduação em Direito. Na Sociedade de Risco, os riscos decorrem da tomada de decisão, quer científica, política ou jurídica. Ela pode ser tanto fonte de solução quanto de novos riscos, ainda mais graves e complexos. A gestão dos riscos deve objetivar o acautelamento e o controle de riscos e danos, por isso, tem-se considerado o Direito Ambiental um importante instrumento para a gestão, ...

  14. Risco de suicídio em paciente alcoolista com depressão

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Anna Lucia Spear King

    2006-01-01

    Full Text Available Dependência do álcool é o consumo excessivo com perda do controle apesar das conseqüências prejudiciais decorrentes. A depressão se caracteriza por um período longo e contínuo de humor deprimido com sintomas específicos. Procuramos ressaltar a importância do tratamento da co-morbidade da depressão em pacientes alcoolistas a fim de prevenir complicações como o risco de suicídio. O suicídio e a depressão em adolescentes e adultos representam maior risco com o uso indevido do álcool. A depressão em pacientes alcoolistas precede as tentativas de suicídio na maioria dos casos. Relatamos um caso grave de paciente dependente do álcool com depressão e risco de suicídio atendido no ambulatório do Programa de Estudos e Assistência ao Uso Indevido de Drogas do Instituto de Psiquiatria da Universidade Federal do Rio de Janeiro (PROJAD/IPUB/UFRJ. O tratamento consistiu no uso de antidepressivos e psicoterapia cognitivo-comportamental. O tratamento da depressão do paciente associou-se a maior adesão à terapêutica, prevenção de recaídas no alcoolismo e redução do risco de suicídio. O diagnóstico precoce da depressão como co-morbidade em paciente dependente de álcool realizado por profissionais treinados é indispensável para o tratamento adequado e para minimizar o risco de suicídio.

  15. Percepção de risco do Motociclista Infrator

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cassiano Ferreira Novo

    Full Text Available Resumo Embora a motocicleta represente alternativa para os usuários que desejam maior agilidade e mobilidade em um contexto balizado por congestionamentos e pela pressão do tempo, é também responsável pelo aumento de acidentes de trânsito nas vias urbanas. Uma das principais causas de acidentes de trânsito está relacionada às infrações cometidas. O debate sobre os fatores que influenciam o comportamento infrator perpassa a investigação de dimensões do processo decisório balizador da conduta indesejada, que é realizada com utilização do paradigma psicométrico da percepção de risco, fornecendo elementos teóricos utilizados nesta pesquisa para investigar a percepção de risco do motociclista infrator. Quatro das principais infrações de trânsito cometidas no Paraná e destacadas em acidentes com motociclistas foram analisadas: excesso de velocidade, avanço de sinal vermelho, uso de celular durante a direção e embriaguez na condução. Foram entrevistados 90 motociclistas infratores, que frequentavam o Curso de Reciclagem do DETRAN/PR em Curitiba, por meio da aplicação de questionário com perguntas fechadas e abertas. Os resultados da pesquisa indicam que o cometimento das infrações está relacionado à familiaridade com a conduta arriscada, à quantidade de risco percebido, à ideia de controle dos riscos e aos benefícios associados, corroborando o paradigma psicométrico da percepção de risco.

  16. Impactos na produção de políticas "desacopladas" na agricultura norte-americana: o papel do risco

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alexandre Bragança Coelho

    2005-06-01

    Full Text Available Nos últimos anos, esforços têm sido feitos no sentido de modificar as políticas de apoio à agricultura para minimizar os efeitos distorcivos sobre a produção e o comércio internacional. Ênfase tem sido dada às políticas desacopladas de preços e/ou produção, sobretudo às transferências diretas de renda aos agricultores, consideradas neutras em relação às decisões de produção corrente. O argumento é de que estas políticas têm efeitos mínimos na produção atual, pois não influenciam os retornos marginais da cultura, já que seus pagamentos independem da produção corrente. Este estudo mostra que, ao contrário, as decisões de produção correntes são afetadas pelas políticas de transferência de renda, especialmente através dos efeitos diretos sobre a percepção de risco dos agricultores. Estes efeitos, divididos em efeito-renda e efeito-segurança, estimulam o aumento da área plantada e assim, têm efeitos sobre a produção e os preços.In the last few years, efforts have been made to modify agricultural support policies in order to minimize the distortive impacts on product level and on international trade. Emphasis has been given to decoupled payments, considered neutral to current production decisions. The main argument is that such payments do not influence the crop marginal returns because they are not based on current production. This article shows, however, that current production decisions are influenced by decoupled payments through direct impacts on risk perception by farmers. These effects, classified as income effect and insurance effect, stimulate the increase in planted area and, therefore, have impacts on production and price levels.

  17. Trabalho e riscos de adoecimento: um estudo entre policiais civis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vânia Cristine Cavalcante Anchieta

    Full Text Available Este estudo teve como objetivo avaliar a percepção que os policiais civis do DF têm sobre o seu contexto de trabalho, suas exigências, assim como as vivências e os problemas físicos, psicológicos e sociais causados pelo trabalho, procurando fazer inferências sobre as estratégias de mediação utilizadas para evitar o sofrimento e os riscos de adoecimento. Foi aplicado o Inventário do Trabalho e Riscos de Adoecimento (ITRA em 160 policiais civis, homens e mulheres, recém empossados na Instituição (tempo médio de oito meses de ingresso na Instituição. Os resultados indicaram que, apesar de não ficarem evidentes danos graves à saúde do policial novato, há riscos de acontecerem falhas nas estratégias de mediação em relação a fatores que levam ao adoecimento.

  18. Gerenciamento de Riscos em Programas de Aventura

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Victor López-Richard

    2013-02-01

    Full Text Available o gerenciamento de riscos em programas de aventura será analisado de maneira sistemática neste trabalho. Os elementos que conformam os padrões de precaução em atividades comerciais de aventura serão tratados de forma crítica. V árias questões relacionadas à polêmica do credenciamento e certificação de programas comerciais de aventura serão analisadas. Os principais conceitos relativos à segurança na concepção, no planejamento, no monitoramento e na execução de programas turísticos de aventura e eventos na natureza serão abordados. Após a revisão conceitual, será exposto o resultado do estudo dos elementos de gerenciamento de riscos, introduzidos na legislação que rege a implementação da política de desenvolvimento do turismo sustentável no Município de Brotas. Risk management in adventure programs has been systematically analyzed within this work. The elements that integrate the standards of care in commercial adventure programming have been critically approached. Different questions related to the debate on accreditation and certification of adventure programs. The main concepts regarding safety during the conception, planning, monitoring, and execution of adventure tourism programs and events in the wild have been also approached. Following this conceptual revision, the result of the study of risk management topics introduced in the legislation related to the policy of sustainable tourism development in Brotas borough will be displayed.

  19. Aleitamento materno exclusivo na alta de recém-nascidos internados em berçário de alto risco e os fatores associados a essa prática Exclusive breastfeeding at the point of discharge of high-risk newborns at a Neonatal Intensive Care Unit and the factors associated with this practice

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paula G. Bicalho-Mancini

    2004-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar as taxas e o padrão de aleitamento materno dos recém-nascidos internados em berçário de alto risco no momento de sua alta hospitalar e analisar os potenciais fatores que interferem na prática do aleitamento materno exclusivo. MÉTODOS: Foram estudados prontuários médicos de 495 recém-nascidos internados no berçário de alto risco da Maternidade Odete Valadares, Minas Gerais, antes e após receber o título de Hospital Amigo da Criança. Foram excluídos os nascidos fora da maternidade e durante o período de transição, crianças ou mães que foram a óbito ou transferidas da instituição e crianças abandonadas e/ou de mães com contra-indicação para amamentar. Foram calculadas razões de chance (odds ratio, OR e intervalos de confiança de 95% a partir de análises bivariadas e multivariadas utilizando a técnica da regressão logística. RESULTADOS: A taxa de aleitamento materno exclusivo na alta passou de 36% no período anterior para 54,6% no período posterior à implementação da Iniciativa Hospital Amigo da Criança. Os fatores de risco independentemente associados com ausência de aleitamento exclusivo foram: uso da dieta por sonda (OR = 3,01, número de consultas pré-natais menor que seis (OR = 2,21, uso de translactação (OR = 2,66, peso ao nascer OBJECTIVE: To study the rate of exclusive breastfeeding at the moment of hospital discharge of newborns admitted to a neonatal Intensive Care Unit and to analyze potential risk factors. METHODS: Four hundred and ninety-five medical records were studied, pertaining to neonates born between 1998 and 1999, admitted to a neonatal intensive care unit, before and after the implementation of the Baby Friendly Hospital Initiative policies. Babies born during the Baby Friendly Hospital Initiative transition period and outside the Maternity ward were excluded from the study, as were children or mothers who were transferred from the institution, abandoned children and

  20. Análise de indicadores de risco para hipertensão arterial em crianças e adolescentes Análisis de indicadores de riesgo para la hipertensión arterial en niños y adolescentes Analysis of risk indicators for the arterial hypertension in children and teenagers

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Thelma Leite de Araújo

    2008-03-01

    Full Text Available O objetivo da pesquisa foi avaliar os indicadores de risco para a hipertensão arterial em crianças e adolescentes. Estudo transversal desenvolvido com 342 indivíduos de seis a 18 anos de uma escola da cidade de Fortaleza (CE. A maioria eram homens (51,5%. A média de idade foi 11,73 anos ( 3,19. Foram freqüentes os escolares com sobrepeso / obesidade (16,8% e com pressão arterial acima do percentil 90 (44,7%. Sedentarismo, tabagismo e etilismo estiveram presentes em 51,5%, 38% e 15,5% dos avaliados. A pressão arterial sistólica esteve correlacionada com as variáveis: idade, peso, estatura, perímetros da cintura e do quadril, prega subescapular e Índice de Massa Corporal. Houve correlação da pressão arterial diastólica com idade, peso, estatura, perímetros da cintura e do quadril. Confirma-se a influência de fatores de risco sobre os valores da pressão arterial em jovens. A pressão arterial sistólica foi especialmente influenciada por indicadores antropométricos.El objetivo de la investigación fue evaluar los indicadores de riesgo para la hipertensión arterial en niños y adolescentes. Se trata de un estudio transversal desarrollado con 342 individuos de seis a dieciocho años de una escuela de la ciudad de Fortaleza (CE. La mayoría eran hombres (51,5%. El promedio de edad fue de 11,73 años ( 3,19. Fueron frecuentes los escolares con sobre peso / obesidad (16,8% y con presión arterial encima del percentil 90 (44,7%. Sedentarismo, tabaquismo y etilismo estuvieron presentes en el 51,5%, 38% y 15,5% de los evaluados. La presión arterial sistólica presentó correlación con las variables: edad, peso, estatura, perímetros de la cintura y de la cadera, pliegue subescapular e Índice de Masa Corporal. Se identificó correlación de la presión arterial diastólica con la edad, peso, estatura, perímetros de la cintura y de la cadera. Se confirma la influencia de factores de riesgo sobre los valores de la presión arterial en

  1. Fatores de risco cardiovasculares em adolescentes: indicadores biológicos e comportamentais

    OpenAIRE

    Guedes,Dartagnan Pinto; Guedes,Joana Elisabete Ribeiro Pinto; Barbosa,Decio Sabbatini; Oliveira,Jair Aparecido de; Stanganelli,Luiz Cláudio Reeberg

    2006-01-01

    OBJETIVO: Oferecer informações descritivas e investigar a extensão com que os fatores de risco para doenças cardiovasculares de natureza comportamental estão associados aos fatores de risco biológicos na população jovem. MÉTODOS: Amostra de 452 adolescentes (246 moças e 206 rapazes) com idades entre 15 e 18 anos, selecionados de uma escola de ensino médio da cidade de Londrina, Paraná. Fatores de risco de natureza comportamental foram analisados mediante prática insuficiente de atividade físi...

  2. Factores de risco e factores protectores relacionados com o consumo de tabaco por sexos

    OpenAIRE

    Precioso, José; Samorrinha, Catarina; Albuquerque, Carlos; ANTUNES, Henedina; Bonito, Jorge; Rebelo, Luis; Rosas, Manuel

    2009-01-01

    O objectivo principal deste estudo foi identificar e descrever factores de risco e factores protectores relacionados com as várias fases do consumo de tabaco, por sexos. Recorreu-se à técnica de grupos focais ou entrevistas de grupo, a fumadores e não fumadores, de ambos os sexos, que permitiu identificar vários factores de risco e factores protectores relacionados com o consumo, já referidos noutros estudos, designadamente: a curiosidade; o desconhecimento do risco; a imaturidade; ter famil...

  3. Tireoidectomia unilateral no carcinoma diferenciado da tireóide de baixo risco: uma cirurgia inadequada

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aluízio Rodrigues

    Full Text Available OBJETIVO: Caracterizar os doentes operados de carcinoma diferenciado da tireóide no Hospital Universitário Clementino Fraga Filho (HUCFF; avaliar a divisão destes doentes em alto e baixo riscos e a validade da cirurgia conservadora nos pacientes com carcinoma diferenciado de baixo risco. MÉTODO: Foram analisados 169 pacientes operados no HUCFF por carcinoma diferenciado da tireóide. Cento e cinqüenta e dois (90% eram mulheres e 17 (10% homens. A idade variou entre 13 e 85 anos com mediana de 39 anos. Cento e onze tumores (65,7% eram papilíferos e 58 (34,3% foliculares. RESULTADOS: Vinte e um por cento apresentaram metástases linfonodais cervicais quando vistos pela primeira vez e 1,7% metástases a distância. Houve 75 cirurgias unilaterais (lobectomia subtotal ou total e 94 bilaterais (tireoidectomia subtotal, lobectomia total + lobectomia subtotal ou tireoidectomia total. 127 casos (75,2% foram considerados pacientes de baixo risco e 42 casos (24,8% de alto risco. O seguimento pós-operatório foi conseguido em 155 pacientes: 116 entre os de baixo risco, com seguimento médio de 8,4 anos (extremos: um ano a 21 anos e 39 entre os de alto risco (seguimento médio cinco anos, extremos um ano e 17 anos. Foram encontrados 13 recidivas tumorais (8,3% e cinco óbitos pelo tumor (3,2% em toda a série: 10 (8,6% recidivas e nenhum óbito nos pacientes de baixo risco e três recidivas (7,5% e cinco óbitos (12,5% nos de alto risco. Nos pacientes de baixo risco submetidos à tireoidectomia parcial houve 7,5% de recidivas e nos pacientes com tireoidectomia total a ocorrência de recidivas foi de 10%. Não houve óbitos pelo tumor em nenhum dos grupos. CONCLUSÕES: Os pacientes com tumores de baixo risco apresentam evolução mais favorável: número igual de recidivas (relativamente aos tumores de alto risco, porém menos graves, e nenhum faleceu pelo tumor. Nos pacientes de baixo risco a cirurgia unilateral mostrou resultados idênticos aos da

  4. Avaliação de riscos em contexto escolar e industrial.

    OpenAIRE

    Falcão, Catarina Neves Ribeiro Freire

    2013-01-01

    Mestrado em Ergonomia Uma das ações essenciais na prevenção de acidentes e doenças profissionais é a avaliação dos riscos a que os trabalhadores estão expostos. Realizou-se uma avaliação para estimar a exposição ocupacional a agentes químicos em contexto industrial, com recurso a aparelho de leitura direta e bombas de amostragem. Paralelamente realizou-se uma avaliação de riscos ocupacionais em trabalhadores do contexto escolar, utilizando uma matriz de risco, e complementada com a aval...

  5. Avaliação da presença de risco para queda em idosos

    OpenAIRE

    Tatiana Rocha Machado; Célida Juliana de Oliveira; Francisca Bertilia Chaves Costa; Thelma Leite de Araujo

    2009-01-01

    As quedas são um importante fator causal para a dependência dos idosos, pois, estão relacionadas a um índiceelevado de incapacidade e de mortalidade. Objetivou-se avaliar os fatores de risco para quedas presentes em umgrupo de idosos de acordo com o diagnóstico de enfermagem “Risco para quedas” da NANDA (versão 2001/2002) edeterminar o grau de susceptibilidade aumentado para quedas nos idosos segundo a “Escala de risco de quedas deDownton”. Estudo descritivo realizado com 24 idosos no período...

  6. Os efeitos da crise global no Brasil: aversão ao risco e preferência pela liquidez no mercado de crédito The effect of the global crisis in Brazil: risk aversion and preference for liquidity in the credit market

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Cristina Penido de Freitas

    2009-01-01

    Full Text Available O artigo procura discutir os impactos da crise internacional na economia brasileira, com ênfase na virtual paralisia do mercado de crédito bancário doméstico a partir de setembro de 2008. Sustenta-se que a dinâmica concorrencial bancária conduziu à emergência de práticas de alto risco, cujo potencial desestabilizador veio à tona quando da reversão das expectativas ante o agravamento da crise financeira internacional e seus efeitos-contágio sobre as economias periferias, dentre as quais o Brasil. O conservadorismo dos bancos na fase de retração foi exacerbado, no caso brasileiro, pelo prazo relativamente curto do crédito e pela existência de títulos públicos líquidos, rentáveis e de baixo risco, que permitem uma rápida recomposição dos seus portfólios. A desaceleração da atividade produtiva em decorrência da contração do crédito não foi mitigada pelo Banco Central, apegado ao seu mandato de guardião da estabilidade dos preços.This article discusses the impacts of the international crisis on the Brazilian economy, with emphasis on the virtual paralysis of the domestic banking credit market that has occurred since September 2008. It argues that the dynamics of banking competition led to the emergence of high-risk practices. The destabilizing potential of these practices came to light when the aggravation of the international financial crisis and its contagion in peripheral countries such as Brazil caused a reversal of expectations. Generalized conservative behavior by banks during the retraction phase was exacerbated in Brazil by the relatively short credit cycle and by the liquidity, profitability and low-risk of public bonds, allowing a rapid recomposition of portfolios. The Central Bank, sticking to its mandate as the guardian of price stability, failed to move to mitigate the deceleration of productive activities that resulted from the contraction of credit.

  7. Árvores geneticamente modificadas: técnicas, aplicações, riscos e os potenciais impactos associados a sua utilização Genetically modified trees: techniques, applications, risk and potential impacts associated with their use

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Erlon Barbosa Valdetaro

    2011-03-01

    Full Text Available

    As espécies florestais possuem grande importância, oferecendo diversos produtos madeireiros e não madeireiros fundamentais para a sociedade. Neste contexto, a busca de novas tecnologias capazes de promover incremento na produtividade das florestas comerciais tem merecido grande atenção, sendo que a biotecnologia tem contribuído substancialmente para isso. Este ramo da ciência pode promover a modificação direta do genoma de um organismo alvo, por meio da análise e manipulação do DNA ou pela inserção de fragmentos do mesmo com função conhecida e, deste modo, alcançar características previamente desejadas, tais como resistência a doenças e ataques de pragas, redução do teor de lignina na madeira e geração de plantas tolerantes a diferentes tipos de estresse. Esta revisão objetiva relatar técnicas para a geração de árvores geneticamente modificadas, aplicações da transformação genética em essências florestais, riscos do uso desta tecnologia e seus potenciais impactos ambientais.

    doi: 10.4336/2011.pfb.31.65.51

    Forest species have great economic and social importance, offering various products as wood and non-timber fundamental to society. In this context, the search for new technologies that promote increase in productivity of commercial forests has received special attention and biotechnology has contributed substantially to this. This branch of science can promote direct modification of the genome of a target organism, through the analysis and manipulation of DNA genome or by insertion of fragments of the same with known function and thus to achieve desired characteristics, such as resistance to diseases and pests, lignin reduction in wood and generation of plants tolerant to different kinds of stresses. This review aims at reporting techniques for the generation of genetically modified trees, applications of genetic transformation in forest species, risks of using this technology and its potential

  8. Análisis del tamaño de empaque en la cadena de valor para minimizar costos logísticos: un caso de estudio en Colombia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Christopher Mejía Argueta

    2015-01-01

    Full Text Available El presente artículo es un caso de estudio aplicado a una empresa colombiana de consumo masivo para minimizar los costos relacionados con sus operaciones logísticas al utilizar diferentes tamaños de empaque. Se formularon 2 modelos de optimización: uno para determinar los 5 tamaños de empaque secundario que disminuyen la necesidad de apertura para atender los pedidos recibidos, y otro para definir cuáles de esos tamaños de empaques son los más apropiados para atender cada canal de venta, minimizando el costo logístico total asociado. El análisis muestra hallazgos útiles para la atención de diversos canales, donde la optimización en la definición de los tamaños de empaques secundarios produjo una reducción promedio del 8,2% del costo logístico total de la empresa analizada.

  9. Soja transgênica: riscos, incertezas e interesses em jogo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Arnildo Korb

    2012-12-01

    Full Text Available http://dx.doi.org/10.5007/1807-1384.2012v9n2p246 Neste ensaio discute-se a produção da soja transgênica e os debates entre peritos e leigos quanto à percepção dos riscos oriundos daquela atividade. Apesar de transcorrida uma década e meia desde o início do plantio no Brasil, os dois grupos encontram-se distantes de consensos em relação à existência ou não de riscos ao meio ambiente e à saúde humana. A escala de tempo quanto ao curto, médio ou longo prazo para a evidência de riscos perde referência também em razão da inexistência ou obscurantismo das pesquisas que objetivam diagnosticar as preocupações suscitadas. Argumenta-se, então, pela responsabilidade ética dos pesquisadores e dos representantes políticos em perseguirem os dispositivos constitucionais, assegurando que os interesses das empresas de agroquímicos e de biotecnologias não se sobreponham às políticas nacionais de pesquisa e de produção de alimentos. O momento requer discussões acerca dos moldes de instituição do Princípio da Precaução ou a substituição deles pelo Princípio da Percentagem, a fim de que pesquisas que objetivam identificar possíveis riscos em relação aos alimentos transgênicos possam ocorrer sem interferências políticas ou mercadológicas.

  10. Perfil de risco imunológico de idosas com câncer de mama: os primeiros 37 casos = Immune risk profile of elderly women with breast cancer: the first 37 cases

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vollbrecht, Betina

    2014-01-01

    Conclusões: A relação das células T CD4+/CD8+ parece aumentar nos casos de câncer de mama de pior prognóstico. Tanto quanto foi possível pesquisar na literatura, estes são os primeiros dados sobre células T CD4+ e CD8+ no sangue periférico de mulheres idosas com câncer de mama. Um seguimento maior poderá determinar o valor destas células como fator prognóstico e/ou preditivo

  11. Variáveis pessoais e contextuais associadas a comportamentos de risco em adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jana Gonçalves Zappe

    2016-03-01

    Full Text Available RESUMO Objetivo Este estudo investigou o engajamento de adolescentes brasileiros em comportamentos de risco (uso de substâncias, comportamento sexual de risco, comportamento antissocial e comportamento suicida, buscando identificar os fatores de risco e proteção pessoais e contextuais mais associados com esses comportamentos. Métodos Participaram 1.332 adolescentes de 12 a 19 anos (M = 15,68; DP = 1,60, de ambos os sexos. Resultados O engajamento em comportamentos de risco variou em função da idade e do sexo, e o uso de substâncias foi o tipo de comportamento de risco mais prevalente entre os que foram investigados. Os fatores significativamente associados à adoção desses comportamentos foram violência intra- e extrafamiliar, ter amigos próximos ou familiares que usam drogas, eventos estressores e elevado nível de autoeficácia; enquanto os fatores que se mostraram protetores foram elevado nível de autoestima, expectativas positivas quanto ao futuro e percepção de positividade nas relações com família, escola, religião e comunidade. Conclusão O estudo permitiu identificar algumas características da manifestação de comportamentos de risco na adolescência, com destaque para a prevalência mais alta do uso de substâncias e a coocorrência de diferentes tipos de comportamentos de risco. Dentre os fatores de risco mais associados com o engajamento em comportamentos de risco, destacaram-se a presença de eventos estressores ao longo da vida e a proximidade com amigos que usam drogas. A partir disso, sugere-se investir na minimização de fatores de risco e na potencialização de fatores protetivos para a promoção do desenvolvimento saudável durante a adolescência.

  12. Regulação de Riscos e Proteção de Infraestruturas Críticas: os novos ventos do fenômeno regulatório / Risk Regulation and Critical Infrastructure Protection: The New Winds of the Regulatory Phenomenon

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Egon C. Guterres

    2016-05-01

    Full Text Available RESUMO Propósito – Este artigo analisa as origens da Regulação de Riscos e dos Programas de Proteção de Infraestruturas Críticas e explica a sua contribuição para a experiência regulatória brasileira. Metodologia/abordagem/design – Por meio de muitos exemplos, este estudo explicita derivações do fenômeno regulatório que emergiram como resposta a eventos de grande impacto na sociedade. Resultados – O modo singular como os Programas de Proteção de Infraestruturas Críticas se desenvolveram no Brasil decorre em grande parte das demandas originadas de compromissos assumidos para a realização de grandes eventos desportivos internacionais. ABSTRACT Purpose – This article analyzes the origins of the Risk Regulation Theory and Critical Infrastructure Protection Programs, and shows their contribution to the Brazilian regulatory experience. Methodology/approach/design – Through several examples, this study presents regulatory policies that emerged as responses to events that caused a significant impact on society. Findings – The unique way that the Critical Infrastructure Protection Programs evolved within the Brazilian regulatory experience is greatly attributable to demands of major international sporting events.

  13. The relationship between drugs use and risk behaviors in brazilian university students La relación entre el uso de drogas y comportamientos de riesgo entre estudiantes brasileños A relação entre o uso de drogas e comportamentos de risco entre universitários brasileiros

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sandra Cristina Pillon

    2005-12-01

    hombres tienen consumo más pesado. Para el uso de drogas ilícitas, los resultados fueron en menor proporción para ambos sexos. Los hombres dirigen más bajo el efecto del alcohol que las mujeres y se involucran más en peleas con amigos y con policía en comparación con las mujeres. En relación a los comportamientos sexuales, los resultados apuntan que los hombres también mantuvieron mayor número de relaciones, con un número mayor de parejas, con poca protección y bajo el efecto del alcohol. Este estudio demuestra que el género es asociado al uso recreativo de droga, bien como otros comportamientos de riesgo entre estudiantes universitarios.O objetivo desse artigo é descrever a relação existente entre o uso de drogas e comportamentos de risco entre universitários do primeiro ano de graduação da Universidade de São Paulo-Ribeirão Preto. O Youth Risk Behavior Survey (YRBS é um questionário anônimo que foi utilizado para a coleta de dados. A amostra foi composta por 200 (100% alunos de primeiro ano. Destes, (50% eram homens e (50% mulheres, com idade entre 18 e 26 anos. Os resultados mostraram a presença do uso recreacional de substâncias psicoativas, com as mulheres bebendo dentro dos limites de baixo risco e os homens mais pesadamente. Para o uso de drogas ilícitas, os resultados foram em menor proporção para ambos os sexos. Os homens dirigem mais sob efeito do álcool que as mulheres e estiveram mais envolvidos em brigas com amigos e polícia do que as mulheres. Em relação aos comportamentos sexuais, os homens tiveram relações em maior número, com um número maior de parceiras e com menor proteção e sob efeito de álcool. Este estudo conclui que o gênero está associado com o uso recreacional de drogas, bem como outros comportamentos de riscos entre estudantes universitários.

  14. Organização dos serviços urbanos de saúde frente à mudança do clima e ao risco de desastres na América Latina

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Alexandre Rodrigues Pereira

    Full Text Available Países da América Latina que sofreram com eventos extremos e desastres nas últimas décadas têm buscado alternativas para melhorar a organização e a capacidade de resposta dos serviços de saúde, evitando o impacto que a população sofreria no caso de tais serviços serem afetados. Neste artigo são relatadas experiências de países da América Latina no que se refere à preparação e adaptação às mudanças do clima no setor saúde, que poderiam ser replicadas em outros locais. Espera-se, por meio desta revisão crítica da literatura, que se possa motivar o setor saúde a se reorganizar para que se torne menos vulnerável aos efeitos das mudanças do clima.

  15. La familia y los factores de riesgo relacionados con el consumo de alcohol y tabaco en los niños y adolescentes (Guayaquil-Ecuador A família e os fatores de risco associados ao consumo de álcool e tabaco em crianças e adolescentes (Guayaquil-Equador Family and risk factors related to alcohol consumption and smoking among children and adolescents (Guayaquil-Equador

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Martha Ramírez Ruiz

    2005-10-01

    Full Text Available La presente investigación tienen como objetivo el de identificar en un ambiente familiar los posibles factores de riesgo relacionados con el uso de alcohol y tabaco en los niños y adolescentes. Es importante destacar que estudio de esta naturaleza dentro de una perspectiva socio-cultural expresa la tentativa de comprender los factores de riesgo para el uso de bebidas alcohólicas y tabaco y enfrentar las influencias ambientales en el entorno familiar con vistas a prevenir futuros casos de dependencia. El estudio se utilizo una muestra de cien familia, a las que se les aplico un instrumento preestablecido con los responsables de las respectivas familias. Como resultado se obtuvo que 51% del nivel de escolaridad es bajo, el 54% tiene salario inferior al básico, el 61% ingieren bebidas alcohólicas. Vale destacar que incuestionablemente la reducción de la casuística de alcoholismo y/o tabaquismo repercute significativamente en le calidad de vida de los individuos.A presente investigação teve como objetivo identificar no ambiente familiar os possíveis fatores de risco associados ao alcoolismo e tabagismo em crianças e adolescentes. É importante enfatizar que estudo desta natureza dentro de uma perspectiva sócio-cultural expressa a tentativa de entender os fatores do risco para o uso do tabaco e de bebidas alcoólicas, bem como as influências ambientais de maneira a impedir futuras dependências. Utilizou-se uma amostra de cem famílias e aplicou-se um instrumento preestabelecido. Como resultado obteve que 51% dos pais possuem nível educacional baixo, 54% tem o salário inferior ao básico, 61% fazem uso de bebidas alcoólicas. Vale enfatizar que inquestionavelmente a redução do casuística do alcoolismo e/ou tabagismo influenciam significativamente na qualidade da vida dos indivíduos.The present investigation had as objective identifying in a family the possible factors of risk related to the use of alcohol and tobacco in the

  16. Os sentidos do risco na gravidez segundo a obstetrícia: um estudo bibliográfico Los sentidos del riesgo en el embarazo según la obstetrícia: un estudio bibliográfico The meanings of risk in pregnancy according to obstetrics: a bibliographic study

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Romeu Gomes

    2001-01-01

    Full Text Available O estudo objetiva analisar o conceito de gravidez de alto-risco, em artigos publicados nos anos 90, num periódico brasileiro representativo do campo da Ginecologia/ Obstetrícia. Em termos metodológicos, articulam-se as abordagens quantitativa e qualitativa, no estudo de 40 artigos. A análise dos dados revela: uma diversidade dos sentidos atribuídos à gravidez de alto-risco e a redução do debate sobre o assunto. Dentre as conclusões, aponta-se a necessidade da perspectiva interdisciplinar na abordagem do tema, considerando a complexidade dos aspectos que envolvem a participação da mulher na atenção à gravidez.El estudio busca analizar el concepto de gravidez de alto riesgo, en artículos publicados en los años 90, en una revista brasileña representativa del campo de la Ginecología/Obstetricia. En términos metodológicos, se articulan los abordajes cuantitativo y cualitativo, en el estudio de 40 artículos. El análisis de los datos reveló: Diversidad de los sentidos atribuidos al embarazo de alto riesgo y un debate reducido a cerca del tema. Dentro de las conclusiones se enfatiza la necesidad de la perspectiva interdisciplinaria en el abordaje del tema, considerando la complejidad de los aspectos que envuelven la participación de la mujer en lo que se refiere al embarazo.This study analyzes the meaning of high-risk pregnancy in articles published by a representative Brazilian journal in the field of Obstetrics in the 1990s. The methodological approach includes the quantitative and qualitative analysis of 40 articles, which reveals a diversity of meanings attributed to high-risk pregnancy and a reduced discussion on the theme. The conclusion shows the need to include an interdisciplinary approach to the theme by taking into account the complexity of the aspects involving women's participation in pregnancy care.

  17. Riscos ocupacionais de uma indústria calçadista sob a ótica dos trabalhadores

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernanda Reinher da Luz

    Full Text Available O estudo teve como objetivo identificar os riscos ocupacionais de uma indústria calçadista sob a ótica dos trabalhadores, bem como as medidas preventivas adotadas por eles contra os riscos. Realizou-se um estudo qualitativo, descritivo. A amostra foi composta por quinze trabalhadores. Os dados foram coletados por entrevista semiestruturada e analisados à luz da análise de conteúdo. Foram respeitados os aspectos éticos e a pesquisa foi aprovada pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul. Os resultados apontam que os trabalhadores são conhecedores dos riscos do seu processo de trabalho, faziam uso de medidas de proteção individual e a empresa disponibilizava dispositivos de segurança, informando e realizando, periodicamente, visitas aos setores, na perspectiva de desenvolver ações educativas.

  18. Riscos ocupacionais de uma indústria calçadista sob a ótica dos trabalhadores

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernanda Reinher da Luz

    2013-02-01

    Full Text Available O estudo teve como objetivo identificar os riscos ocupacionais de uma indústria calçadista sob a ótica dos trabalhadores, bem como as medidas preventivas adotadas por eles contra os riscos. Realizou-se um estudo qualitativo, descritivo. A amostra foi composta por quinze trabalhadores. Os dados foram coletados por entrevista semiestruturada e analisados à luz da análise de conteúdo. Foram respeitados os aspectos éticos e a pesquisa foi aprovada pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul. Os resultados apontam que os trabalhadores são conhecedores dos riscos do seu processo de trabalho, faziam uso de medidas de proteção individual e a empresa disponibilizava dispositivos de segurança, informando e realizando, periodicamente, visitas aos setores, na perspectiva de desenvolver ações educativas.

  19. Risco cardiovascular em pessoas assintomáticas

    OpenAIRE

    Macário, Teresa Duarte Sousa; Nunes, Maria Madalena Jesus Cunha, orient.

    2012-01-01

    Enquadramento: As doenças cardiovasculares são a primeira causa de morte, em ambos os sexos, nos países desenvolvidos, não sendo Portugal exceção. São um problema de saúde pública que urge minorar. Os fatores de risco, conhecidos como causas que aumentam a probabilidade de ocorrência de um determinado evento, antecedem em vários anos as doenças cardiovasculares. Destacam-se a diabetes, o excesso de peso, a obesidade, o sedentarismo, o tabagismo, as dislipidémias, a hipertensão ...

  20. Fatores de risco para complicações em extremidades inferiores de pessoas com diabetes mellitus

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Emília Pace

    2002-10-01

    Full Text Available O estudo analisou fatores de risco para complicações em pés de pessoas com diabetes em Unidade Ambulatorial. Os dados foram obtidos por meio de entrevista semi-estruturada, avaliação de pés e exames laboratoriais. Os riscos tiveram a análise segundo Zavala e Braver e Sistema de Classificação do Consenso Internacional sobre Pé Diabético, mediante estatística descritiva. Nos resultados, a idade média foi 53,3±13 anos, tempo da doença 12,9±9 e 58% tinham ensino fundamental incompleto. Dentre os riscos, identificou-se complicações microvasculares, hipertensão arterial, nível glicêmico inadequado, sedentarismo, uso de sapatos inapropriados, somadas às alterações dermatológicas e estruturais. No risco para úlceras, obteve-se 19,1% entre as categorias 2 e 3. Os dados reforçaram necessidade de atendimento primário com ênfase na avaliação de riscos e educação do paciente.

  1. Avaliação do risco ambiental utilizando FMEA em um laticínio na região de Lavras – MG

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Amanda Cássia Nogueira

    2010-11-01

    Full Text Available Uma metodologia que vem sendo paulatinamente empregada na avaliação do risco ambiental durante o processo produtivo é o FMEA (do inglês – Failure Mode and Effect Analysis, definida como uma ferramenta que busca em princípio, evitar ou minimizar as chances do produto ou processo falhar, aumentando assim a sua confiabilidade. Considerando que o impacto ambiental gerado por um laticínio apresenta diversos riscos em potencial, este método foi empregado na avaliação do risco ambiental durante o processamento de queijos em um laticínio da região de Lavras – MG. Um levantamento das entradas e saídas de cada operação do processo foi feito e as saídas que apresentaram risco ambiental foram analisadas utilizando-se um formulário para aplicação do método. Ações foram sugeridas de acordo com as mesmas, colaborando para a diminuição da probabilidade do risco ambiental gerado ocorrer à medida que estas ações foram sendo aplicadas, contribuindo para um processo mais sustentável e eficiente.

  2. Riscos e doenças ocupacionais relacionados ao exercício da anestesiologia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniel Volquind

    2013-04-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: O exercício da anestesiologia não é isento de riscos para o anestesiologista. Considerada um local de trabalho insalubre em razão dos riscos potenciais que oferece, a sala de operações (SO é o local no qual o anestesiologista passa a maior parte do tempo. Nesta revisão, propomos uma análise dos riscos ocupacionais aos quais estão expostos os anestesiologistas em sua prática diária. CONTEÚDO: Apresentamos a classificação dos riscos e suas relações com as doenças ocupacionais. CONCLUSÃO: O controle dos riscos ocupacionais, aos quais os anestesiologistas são expostos diariamente, se faz necessário para o desenvolvimento de um local de trabalho adequado e com riscos reduzidos para a boa prática da anestesiologia. Isso contribui para a diminuição do absenteísmo, a melhora da assistência prestada ao paciente e da qualidade de vida do anestesiologista.

  3. Identificação de Riscos em Compras do Setor Público: Um Estudo de Caso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabio França Santos

    2011-10-01

    Full Text Available No século XXI é comum as organizações atuarem em ambientes dinâmicos onde a execução de suas atividades está associada a riscos muitas vezes difíceis de serem previstos. A identificação desses riscos é desejável, ao passo que é possível economizar esforços e diminuir custos. Nesse sentido, o presente artigo tem o objetivo de analisar uma aquisição do setor público e identificar os riscos no processo. A aquisição selecionada para análise é uma Concorrência Pública, do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE. A metodologia utilizada para identificar os riscos no processo de aquisição foi uma entrevista com os agentes públicos envolvidos no processo e a análise da documentação. Os resultados sugerem que seja dada grande importância para a elaboração do Projeto Básico, elemento inicial, bem como aproximar áreas envolvidas e capacitar os agentes públicos nas matérias inerentes ao processo.DOI:10.5585/gep.v2i1.31

  4. Fatores de risco cardiovasculares em coorte de profissionais da área médica: 15 anos de evolução Factores de riesgo cardiovasculares en cohorte de profesionales del área médica: 15 años de evolución Cardiovascular risk factors in a cohort of healthcare professionals: 15 years of evolution

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Thiago de Souza Veiga Jardim

    2010-09-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS, as doenças cardiovasculares (DCV são responsáveis por 16,7 milhões de mortes/ano. Evidências mostram que as DCV resultam da interação entre fatores de risco variados, presentes desde a infância. OBJETIVO: Verificar, em profissionais da área médica, a presença e evolução de alguns fatores de risco cardiovasculares (FRCV em um intervalo de 15 anos. MÉTODOS: Analisamos um grupo de indivíduos ao ingressar na faculdade de medicina e repetimos a análise 15 anos depois, comparando os dados encontrados. Utilizamos questionários sobre FRCV (hipertensão arterial sistêmica (HAS, diabete melito (DM, dislipidemia e história familiar de DCV precoce, tabagismo, etilismo e sedentarismo. O colesterol, a glicemia, a PA, o peso, a altura, o índice de massa corpórea (IMC foram determinados. RESULTADOS: Comparamos 100 indivíduos (sendo 64,0% homens com idade média de 19,9 anos, com os 72 (sendo 62,5% homens, 34,8 anos incluídos 15 anos após. Houve aumento na prevalência de HAS (6,0% vs 16,7%, p = 0,024, excesso de peso (9,0% vs 26,4%, p = 0,002 e dislipidemia (4,0% vs 19,14%, p = 0,002. Os demais FRCV não se modificaram. Na análise dos valores de pressão arterial sistólica (PAS, pressão arterial diastólica (PAD, colesterol, glicemia e IMC, encontramos elevação na média de todas variáveis (p FUNDAMENTO: Según la Organización Mundial de Salud (OMS, las enfermedades cardiovasculares (ECV son responsables de 16,7 millones de muertes/año. Evidencias muestran que las ECV resultan de la interacción entre factores de riesgo variados, presentes desde la infancia. OBJETIVO: Verificar, en profesionales del área médica, la presencia y evolución de algunos factores de riesgo cardiovasculares (FRCV en un intervalo de 15 años. MÉTODOS: Analizamos a un grupo de individuos al ingresar en la facultad de medicina y hemos repetido el análisis tras 15 años, comparando los datos

  5. Fatores de risco em cirurgias de cabeça e pescoço

    OpenAIRE

    Oliveira,Benedito Valdecir de; Ramos,Gyl Henrique Albrecht; Hilgenberg,Andrea; Tomasich, Flávio Daniel Saavedra; Pedruzzi,Paola Andrea Galbiatti; Yamanouchi,Clarice Nana

    1998-01-01

    Os estudos publicados quanto aos exames pré-operatórios mostram-se controversos e poucos abordam os riscos especificamente em cirurgias de cabeça e pescoço. O objetivo deste estudo foi identificar fatores de risco em cirurgia de cabeça e pescoço para, a partir destes, estabelecer uma rotina pré-operatória racionalizada que permita identificar o grupo de pacientes mais afetados e diminuir as taxas de complicação e mortalidade. Foram avaliados em 17 meses, 382 pacientes submetidos a cirurgia de...

  6. Riscos cardiovasculares em adolescentes com diferentes graus de obesidade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Silvia Ferrari Lavrador

    2011-03-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Há poucos estudos sobre riscos cardiovasculares em adolescentes com diferentes graus de obesidade. OBJETIVO: Avaliar repercussões metabólicas associadas a diferentes graus de obesidade em adolescentes e seu impacto nos riscos cardiovasculares. MÉTODOS: Estudo transversal com 80 adolescentes obesos, divididos em dois grupos: 22,5, denominados obesos com menor e maior grau de obesidade, respectivamente. Foram realizados exame físico e avaliação bioquímica e de composição corporal. Para a análise estatística, foram aplicados os testes t-Student e qui-quadrado, com a finalidade de comparar os dois grupos. Modelo logístico múltiplo foi utilizado para verificar as associações entre variáveis bioquímicas e grau de obesidade. Foram desenvolvidos escores de risco para doença cardiovascular, de acordo com o número de alterações encontradas nas seguintes variáveis: glicemia de jejum, triglicérides, HDL e PA. Foram verificadas associações entre esses escores e o grau de obesidade. RESULTADOS: Os dois grupos diferiram em valores de peso, circunferência da cintura, glicemia e insulina de jejum, HOMA-IR, triglicérides, HDL, PA e medidas de composição corporal (p<0,05. Os adolescentes com maior grau de obesidade apresentaram maiores frequências de alterações para glicemia, HOMA-IR, triglicérides, HDL e pressão arterial (p<0,05. O modelo logístico mostrou associações entre o grau de obesidade e as variáveis: HDL (OR=5,43, PA (OR=4,29, TG (OR=3,12. O escore de risco demonstrou que 57,7% dos adolescentes com maiores graus de obesidade tinham duas ou mais alterações metabólicas para 16,7% do outro grupo (p<0,001. CONCLUSÃO: O grau da obesidade influenciou no aparecimento de alterações que compõem a síndrome metabólica, aumentando o risco cardiovascular.

  7. O que é comportamento de risco para transtornos alimentares em adolescentes?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Greisse Viero da Silva Leal

    2013-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Caracterizar comportamento de risco para transtornos alimentares (TA e sua frequência entre adolescentes em uma revisão da literatura nacional e internacional. MÉTODOS: Foi realizada uma busca bibliográfica por meio de uma revisão integrativa nas bases de dados PubMed (US National Library of Medicinee Lilacs e no portal SciELO,utilizando-se os descritores relacionados à "eating disorder risk behavior". Foram selecionados artigos publicados nos últimos 10 anos, nos idiomas português, espanhol e inglês, e especificamente com adolescentes. Foram avaliados 76 artigos e analisados a nomenclatura e os instrumentos utilizados para avaliar comportamento de risco para TA e sua prevalência. RESULTADOS: Encontrou-se uma série de termos para avaliar risco para TA. A metodologia mais utilizada foi a de questionários e escalas, destacando-se o EAT-26 ou 40 e o BITE, dentre os mais frequentes; a prevalência de risco variou de 0,24% a 58,4%. CONCLUSÃO: Diferentes nomenclaturas e instrumentos são utilizados para avaliar comportamento de risco para TA entre adolescentes, com grande amplitude nos resultados de prevalência. Maior padronização de termos e metodologia de avaliação permitiriam melhor comparação entre estudos epidemiológicos em diferentes localidades.

  8. Gestão de risco nos mercados de bolsa e de balcão : como o Brasil superou a crise de derivativos

    OpenAIRE

    Moura, Jacqueline de Oliveira

    2012-01-01

    Mestrado em Economia Internacional e Estudos Europeus Esta dissertação procura compreender a dinâmica da gestão de riscos, especificamente no mercado de bolsa e de balcão, como um modelo fundamental para a integridade do sistema, evitando um impacto em cadeia e colocando em risco todo o sistema bancário. Será apresentado o modelo de clearing e gestão de risco no Brasil e sua contribuição para uma gestão de riscos mais eficiente e mais racional entre os vários agentes econômicos. Neste cont...

  9. Saúde ambiental de parques espanhóis: Abordagem ao potencial alergénico dos espaços verdes urbanos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paloma Cariñanos

    2016-06-01

    Full Text Available Os parques urbanos são elementos da infraestrutura verde que devem contribuir para a melhoria da qualidade de vida dos cidadãos. Neste trabalho apresentam-se os resultados da aplicação de um índice inovador, que permite estimar a alergenicidade potencial dos espaços verdes urbanos. Este índice, que inclui parâmetros biológicos e biométricos, intrínsecos às próprias espécies existentes nos parques, tem como resultado um valor numa escala entre 0 e 1, de acordo com o potencial alergénico do parque, caso este seja, respetivamente e nos seus extremos, nulo ou de máximo risco para as populações. O índice foi aplicado em parques de diferentes tipologias, desenho, tamanho, riqueza específica e biodiversidade, situados em 20 cidades espanholas. Os resultados demonstram que alguns dos parques estudados registam um valor de índice superior a 0.30, limite su ciente para causar sintomas de alergia na população exposta, e por tanto, risco moderado a alto. No entanto, a maioria dos parques apresenta um valor inferior a este limite. Também é possível conhecer quais as espécies que mais contribuem para o valor do índice, que correspondem aquelas com a estratégia de polinização anemófila, períodos de oração extensos e potencial alergénico referenciado. Estes requisitos são aplicáveis a todas as espécies das famílias Betuláceas, Cupressáceas e Moráceas, e em menor medida, Oleáceas e Platanáceas. Pode assim concluir-se que a aplicação de um índice de previsão dos níveis de alergenicidade dos espaços verdes urbanos constitui uma ferramenta útil para minimizar o impacto da alergia polínica sobre a população.

  10. Fatores de risco para anemia em lactentes atendidos nos serviços públicos de saúde: a importância das práticas alimentares e da suplementação com ferro Risk factors for anemia in infants assisted by public health services: the importance of feeding practices and iron supplementation

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Danielle G. Silva

    2007-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Investigar os fatores de risco para anemia em lactentes atendidos nos serviços públicos de saúde. MÉTODOS: Em estudo transversal, foram avaliadas 205 crianças de 6 a 12 meses no município de Viçosa (MG. A coleta de dados envolveu variáveis socioeconômicas, ambientais e biológicas, bem como aquelas relacionadas ao estado nutricional, à mãe, ao nascimento, ao cuidado com a saúde infantil, às práticas alimentares e à suplementação com ferro. O diagnóstico da anemia baseou-se nos valores de hemoglobina inferiores a 11 g/dL, utilizando o fotômetro portátil Hemocue. Na análise da associação das variáveis com a anemia, foi utilizada a regressão logística múltipla hierarquizada. RESULTADOS: A prevalência de anemia foi de 57,6%. Apresentaram maior chance de anemia os lactentes que pertenciam às famílias com renda per capita inferior a 0,5 salário mínimo, não consumiam frutas diariamente e não ingeriam suplementos medicamentosos com ferro. CONCLUSÃO: A adequada assistência à saúde e nutrição das famílias de baixa renda, o incentivo às práticas alimentares saudáveis e a prescrição de suplementos medicamentosos com ferro são medidas de grande importância para a prevenção e o controle da anemia entre os lactentes atendidos nos serviços públicos de saúde.OBJECTIVE: To investigate risk factors for anemia in infants assisted by public health services. METHODS: In a cross-sectional study carried out in Viçosa, state of Minas Gerais, Brazil, 205 children from 6 to 12 months were evaluated. Socioeconomic, environmental and biological data were collected, as well as information on child's birth, nutritional status, maternal data, child health care practices, feeding practices, and iron supplementation. Diagnosis of anemia was based on hemoglobin levels under 11 g/dL, using a portable Hemocue photometer. To analyze variables associated with anemia, a hierarchical logistic regression model was used

  11. Representations of Primary Care Professionals about the Occupational Risk of HIV Infection Representaciones de profesionales de la atención primaria sobre riesgo ocupacional de infección por el virus HIV Representações de profissionais da atenção primária sobre risco ocupacional de infecção pelo HIV

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marina Celly Martins Ribeiro de Souza

    2010-08-01

    de atender pacientes por miedo de infectarse, inclusive no utilizando todas las precauciones recomendadas.Este é um estudo qualitativo, fundamentado na Teoria das Representações Sociais, com profissionais que atuam na atenção primária, sobre o risco de infecção pelo HIV, ao qual estão expostos no cotidiano do trabalho. Foram entrevistados doze profissionais médicos e enfermeiras que atuam em dois centros de saúde no município de Belo Horizonte, MG, Brasil. A análise final se deu com a saturação das informações, pelo método proposto pela Análise Estrutural de Narração. Os resultados desvelaram que os profissionais de saúde entrevistados conhecem o risco de infecção em seu cotidiano de trabalho, representando-o como muito baixo na atenção básica, porque o relacionam à complexidade tecnológica, que consideram não existir no nível de assistência em que atuam. Acreditam que o uso de equipamentos de proteção individual pode minimizar os riscos e que, hoje, nenhum profissional da atenção básica deixa de atender pacientes por medo de se infectar, mesmo não utilizando todas as precauções recomendadas.

  12. Fator de risco: enfoque na disciplina enfermagem em centro cirúrgico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Estela Regina Ferraz Bianchi

    1986-09-01

    Full Text Available Foi abordado o tema da assistência de enfermagem em centro cirúrgico dentro de uma visão do "enfoque de risco" para o paciente cirúrgico, considerando os vários riscos que podem acarretar agravos à sua saúde. Os fatores de risco foram abordados em relação ao ambiente físico, material e equipamento, pessoal e ao próprio paciente. Estes aspectos foram relacionados à área do centro cirúrgico, de recuperação anestésica e ao centro de material. O trabalho foi desenvolvido com dois grupos de alunos da Escola de Enfermagem da Universidade de São Paulo, cursando o 5º semestre de graduação, visando auxiliá-los como futuros profissionais a desenvolver uma melhor assistência de enfermagem ao paciente cirúrgico.

  13. Correlação entre Testes para Avaliação da Vitalidade Fetal, pH da Artéria Umbilical e os Resultados Neonatais em Gestações de Alto Risco Correlation between the Assessment of Fetal Well-being, Umbilical Artery pH at Birth and the Neonatal Results in High-risk Pregnancies

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rossana Pulcineli Vieira Francisco

    2000-09-01

    Full Text Available Objetivos: analisar a relação entre valores de pH no nascimento, testes de vitalidade fetal e resultados neonatais. Métodos: foram incluídas 1346 pacientes com gestação de alto risco atendidas no Setor de Vitalidade Fetal do HCFMUSP. Para estudo do bem-estar fetal foram realizados exames de cardiotocografia, perfil biofísico fetal e índice de líquido amniótico. Após o parto foram obtidos os seguintes parâmetros dos recém-nascidos: idade gestacional no parto, sexo e peso dos recém-nascidos, índices de Apgar de 1º e 5º minutos, pH da artéria umbilical no nascimento e a ocorrência de óbito neonatal. Para estudo destes resultados neonatais, os casos foram divididos em quatro grupos: G1 (pH ou = 7,20. Resultados: a cardiotocografia anormal relacionou-se com valores de pH inferiores a 7,20 (p = 0,001. Resultados anormais do perfil biofísico fetal (Purpose: to analyze the relationship between the values of pH at birth, fetal surveillance examinatios and neonatal results. Methods: one thousand, three hundred and forty-six high-risk pregnancies were evaluated at the Fetal Surveillance Unit. The assessment of fetal well-being included cardiotocography, fetal biophysical profile and amniotic fluid index. After birth, the perinatal results (gestational age at birth, birth weight, Apgar scores at 1st and 5th minutes, umbilical cord pH at birth were collected. To study the results, the patients were divided into four groups: G1 (pH or = 7.20. Results: the abnormal patterns of cardiotocography were associated with pH at birth inferior to 7.20 (p = 0.001. Abnormal results of the fetal biophysical profile (<=4 were related to decrease in pH values at birth (p<0.001. The adverse neonatal outcomes were associated with acidosis at birth, and they were selected to be analyzed by the logistic regression model, showing that the odds ratio of each adverse neonatal outcome increases significantly when the values of pH at birth decrease. Conclusions

  14. Violência no trabalho em enfermagem: um novo risco ocupacional

    OpenAIRE

    Contrera-Moreno,Luciana; Moreno, Maria Inês Contrera

    2004-01-01

    Este estudo tem como objetivo apresentar uma revisão da literatura sobre o tema violência no trabalho em enfermagem. Os principais aspectos com relação à violência no trabalho em enfermagem encontrados na literatura foram: os tipos de violência, a prevalência da violência no ambiente de trabalho; os fatores associados ao risco, as conseqüências para os trabalhadores e prevenção destes eventos. Os trabalhadores estão expostos a variadas formas de violência, trazendo graves conseqüências à saúd...

  15. Fatores de risco comportamentais acumulados para doenças cardiovasculares no sul do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ludmila Correa Muniz

    2012-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Estimar a prevalência e identificar fatores associados ao acúmulo de comportamentos de risco para doenças cardiovasculares entre adultos. MÉTODOS: Estudo transversal de base populacional com amostra representativa de 2.732 adultos de ambos os sexos de Pelotas, RS, em 2010. Os fatores de risco comportamentais investigados foram: tabagismo; inatividade física no lazer; consumo habitual de gordura aparente da carne; e consumo diário de embutidos, carne vermelha e leite integral. O desfecho do estudo foi o escore de aglomeração de fatores de risco comportamentais, variando de zero a três: nenhum fator de risco comportamental para doenças cardiovasculares ou exposição a 1, 2 ou > 3 fatores de risco comportamentais. Realizou-se regressão logística multinomial para avaliar o efeito ajustado das características individuais sobre o acúmulo de fatores de risco comportamentais, tendo como categoria de referência indivíduos sem qualquer dos fatores. RESULTADOS: A inatividade física foi o fator de risco mais prevalente (75,6%, seguido do consumo habitual de gordura aparente da carne (52,3%. Dois terços da população apresentaram dois ou mais fatores de risco comportamentais. A combinação de inatividade física e consumo habitual de gordura aparente da carne ocorreu em 17,5% da amostra; e inatividade física, consumo habitual de gordura aparente da carne e tabagismo, em 6,7%. Os odds ratios de acúmulo de dois ou mais fatores foram maiores entre homens e associaram-se inversamente com o indicador econômico nacional. CONCLUSÕES: O acúmulo de fatores de risco comportamentais para doenças cardiovasculares é elevado na população estudada. São necessárias intervenções públicas capazes de prevenir a ocorrência simultânea desses fatores.

  16. Risco de salinização das terras do baixo Acaraú (CE

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lydia Helena da Silva de Oliveira Mota

    2012-08-01

    Full Text Available Em determinadas condições de relevo, do clima e de uso, com certa frequência pode acontecer acúmulo de sais nos solos, dando lugar à formação dos solos salinos e sódicos - também denominados de solos afetados por sais. A fim de orientar as práticas de manejo e uso das terras da região do Baixo Acaraú, CE, objetivou-se com o presente trabalho gerar um mapa de risco de salinização. Para obtenção das classes de vulnerabilidade, foram avaliados os temas pedologia, geologia, geomorfologia e uso e cobertura das terras e informações de declividade e altimetria, tratados em ambiente SIG com o método multicritério aditivo. Foram definidas quatro classes de risco de salinização: baixo, moderado, alto e altíssimo ou solos naturalmente salinos/sódicos. Foi constatado que 35,47 % da área corresponde à classe de baixo risco de salinização; 26,22 %, à de risco moderado; 8,23 %, à de risco alto; e 19,65 %, à de risco altíssimo.

  17. Narrativas sobre a experiência de ser puérpera de alto risco

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ariane Thaise Frello Roque

    2015-06-01

    Full Text Available Objetivo: Quando o puerpério ocorre concomitantemente à hospitalização do recém-nascido, leva a puérpera a tornar-se acompanhante na Unidade Neonatal, o que pode influenciar seu poder vital conceituando-se o Puerpério de Alto Risco. O objetivo deste estudo foi conhecer a experiência de ser puérpera de alto risco. Métodos: Narrativo com abordagem qualitativa, sustentado em Florence Nightingale. Realizado em uma instituição pública do sul do Brasil, de janeiro a março de 2010, foram sujeitos da pesquisa sete puérperas de alto risco acima de 18 anos, sendo neste recorte apresentado a experiência de uma puérpera de alto risco que desejou participar e assinou o Termo de Consentimento Livre e Esclarecido. Resultados: Os resultados demonstram a mescla de sentimentos enfrentada pela puérpera de alto risco. Conclusão: Sendo importante a ampliação do termo Puerpério de Alto Risco nos programas de saúde, a fim de contemplar o cuidado de enfermagem específico às puérperas que estão com seus bebês na unidade neonatal.

  18. Currículos alternativos/oficiais: o(s risco(s do hibridismo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sandra Corazza Mara

    2001-01-01

    Full Text Available The article stresses the discursive similarities between the National Curricula Parameters (PCN established by the Brazilian Ministryof Education, considered the official curriculum, and the School Assembly Movement inspired by the Workers´Party state government in Rio Grandedo Sul, proposed as an alternative curriculum. It discusses what has been happening with our critical alternative curricula which end upproposing almost the same educationas that of the Federal Government. It forwards the argument that, as aconsequence of this hybridism, weneed to dispel the ambiguity, by producing and putting into practice curricula which do not yet exist and to invent once more the difference.

  19. Nursing care based on risk assessment and classification: agreement between nurses and the institutional protocol Acogimiento con evaluación y clasificación de riesgo: concordancia entre los enfermeros y el protocolo institucional Acolhimento com avaliação e classificação de risco: concordância entre os enfermeiros e o protocolo institucional

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gabriella Novelli Oliveira

    2013-04-01

    para evaluar la precisión de los profesionales respecto a los protocolos, evidenciando las necesidades de capacitación para esta actividad, contribuyendo a la seguridad del paciente. OBJETIVO: verificar o grau de concordância entre os níveis de prioridade atribuídos no acolhimento com avaliação e classificação de risco, realizado pelos enfermeiros, em relação ao protocolo institucional e entre os pares. MÉTODO: trata-se de estudo descritivo, utilizando um questionário com trinta casos clínicos fictícios com base no protocolo institucional, considerado padrão-ouro, respondido por vinte enfermeiros. RESULTADOS: pela análise de concordância pelo coeficiente Kappa, concluiu-se que a concordância entre a priorização dos níveis de gravidade entre os enfermeiros e o protocolo institucional foi moderada. Quando avaliada a concordância entre os pares, essa foi baixa, representada pela densidade colorimétrica nas tonalidades de cinza claro. CONCLUSÃO: no Brasil, algumas instituições desenvolveram protocolos próprios, o que torna fundamental o desenvolvimento de ferramentas para avaliar a acurácia dos profissionais em relação aos protocolos, evidenciando as necessidades de capacitação para essa atividade, contribuindo para a segurança do paciente.

  20. Identificação e classificação de riscos na implantação da produção enxuta

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Giuliano Almeida Marodin

    2015-12-01

    Full Text Available Resumo O processo de implantação de sistemas de produção enxuta é complexo, demorado e sujeito a uma série de riscos. Este artigo tem como objetivo identificar e classificar os riscos presentes na implantação da produção enxuta (IPE. As quatro etapas da pesquisa foram: (i revisão de literatura para identificação de riscos à IPE; (ii desenvolvimento e aplicação de um questionário a 57 respondentes, que avaliou as percepções acerca da probabilidade de ocorrência e impacto de cada risco apontado pela literatura; (iii análise dos resultados do questionário, que permitiu a classificação dos riscos por meio de uma análise fatorial exploratória; (iv estudo de caso para aprofundar a compreensão das relações entre os riscos em uma empresa na qual trabalhavam três respondentes dasurvey. Quatorze riscos à IPE foram identificados e classificados em três grupos: (i riscos associados ao papel das áreas de apoio; (ii riscos associados ao papel da alta e média gerência; e (iii riscos associados ao papel dos níveis operacionais. Uma vez que os riscos dentro de cada grupo são fortemente inter-relacionados, essa classificação pode contribuir para o planejamento e implantação de ações de controle destes.

  1. GESTÃO DE RISCOS: ANÁLISE DA EVIDENCIAÇÃO DE RISCOS NAS CONCESSIONÁRIAS DE RODOVIAS LISTADAS NA BOVESPA COM BASE NA METODOLOGIA COSO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristian Baú Dal Magro

    2016-05-01

    Full Text Available As concessionárias de rodovias assinam contratos de concessão com o setor público e investem em infraestrutura que, ao término do contrato, retorna ao poder público. Assim, as empresas do setor ficam expostas a riscos que devem ser identificados e evidenciados. Desta forma, o objetivo do estudo é identificar os riscos divulgados e analisar o conteúdo de evidenciação da gestão de riscos nas concessionárias de rodovias listadas na Bovespa com base na metodologia COSO. A pesquisa se classifica como descritiva, análise documental e com abordagem qualitativa. A amostra da pesquisa é composta pelas16 empresas listadas no segmento de exploração de rodovias da Bovespa. Os resultados indicam que os riscos mais evidenciados pelas empresas do segmento de exploração de rodovias são os relacionados ao mercado. Conclui-se que os riscos divulgados pelas empresas seguem uma uniformidade (isomorfismo mimético no que se refere à evidenciação e ao conteúdo.

  2. Consumismo, uso de drogas e criminalidade: riscos e responsabilidades

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marta Conte

    Full Text Available Este artigo aborda o tema consumismo, suas relações com o uso de drogas, com a criminalidade e os efeitos sobre as subjetividades na sociedade contemporânea. Em fundamentações no campo da Psicanálise, da Filosofia, da Sociologia e do Direito, buscou-se a análise da complexidade do entrelaçamento desses fenômenos, visando a subsidiar os debates e políticas que incidam no tema em questão em uma sociedade de risco. Para tanto, parte-se de leitura transdisciplinar de dados colhidos em entrevistas e em grupo de discussão, realizados com apenados que cumpriam pena em duas cidades da região metropolitana de Porto Alegre. Em tais atividades, os temas Justiça, droga e consumismo tiveram presença preponderante.

  3. Os riscos ambientais da indústria de adesivos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Isabel Valério González

    2016-08-01

    Full Text Available The Law 12.305/2010 created the National Politics for Solid Waste (NPSW, decisively contributing towards the minimization of solid waste and residue volumes generated. The present study proposes an analysis of the applicability of the shared responsibility principle for the life cycle of the product adhesive, as well as intends to indicate preventive waste management actions for the adhesive industry, moreover in the contractual part under the optics of civil responsibility. The research is qualitative and uses the inductive method supported by bibliography and documental research. The results point out the relevance of environmental responsibility of all the parties involved in the productive and consumer process of the adhesive. However, evidence showed the fragility of NPSW due to the abstract risk. Lastly, preventive environmental management actions are indicated, with emphasis to the inclusion of contractual environmental clauses in the legal contracts celebrated by the adhesive industry with its providers, partners and clients.

  4. Atividade e vulnerabilidade: quais os arranjos familiares em risco?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lena Lavinas

    2006-01-01

    Full Text Available Dans cet article, on cherche à comparer des modèles différents de familles, selon la typologie proposée par l'IBGE, afin de vérifier si les familles dont le chef est une femme constituent en effet l'organisation familiale la plus vulnérable et en péril. C'est une idée courante qui justifie le tableau de féminisation de la pauvreté, si connu dans les vingt dernières années avec des impacts considérables sur les politiques sociales de lutte contre la pauvreté. Dans cette étude, on dégage des données sur les activités - taux d'occupation, salaire moyen, nombre d'heures de travail - non seulement par sexe, identifiant les différences homme-femme, mais on discrimine aussi les femmes entre elles, faisant un parallèle entre celles qui sont chef de famille et celles qui vivent avec leur conjoint. On observe que la vie en couple est plus nuisible à la pleine insertion de la femme sur le marché de travail que les effets même de la maternité (présence des enfants.

  5. Risks from dental radiology; Os riscos provenientes da radiologia odontologica

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Costa, Tamara Goularte [Instituto Federal de Educacao, Ciencia e Tecnologia de Santa Catarina (IFSC), Florianopolis (Brazil)

    2013-10-01

    The objective of this research is to demonstrate the risks and consequences of exposure to dental X-ray. The methodology used was the survey of bibliographic literature on this matter. First, we tried to understand the operation and characteristics of dental X-rays. Afterwards, we tried to know about the risks that this procedure offers to workers and patients. And concluded with the consequences of such exposure. The results showed that dental x-rays only offer risks in prolonged exposure, can affect the worker or patient to pathologies such as cancer or a life-time decreased due to the stochastic effect. Therefore, radiological protection standards must be respected and practised. (author)

  6. Desastres naturais: convivência com o risco

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    SAMIA NASCIMENTO SULAIMAN

    Full Text Available RESUMO Estudos sobre riscos de desastres naturais têm-se aprimorado de uma abordagem fisicalista para uma perspectiva socioambiental. No entanto, planejamento e gestão ainda seguem o paradigma antropocêntrico da superioridade humana e do poder ilimitado da ciência e tecnologia. Evidencia-se uma incapacidade cognitiva, cultural e de ação por parte de especialistas, científicos e tomadores de decisão (claimmakers para identificar e atuar sobre as causas sociais da produção de risco. Frente a uma ciência cartesiana e positivista na resolução de problemas, baseada na segurança e controle sobre o mundo natural, propõe-se uma ciência pós-normal que considera os riscos e incertezas do conhecimento científico e das problemáticas ambientais. Essa nova proposta também incide sobre a participação e o diálogo entre stakeholders como referência para ampliar a qualidade do saber científico e o entendimento da complexidade das questões ambientais. Este artigo discute a necessidade de se promover um salto epistemológico sobre a forma de pensar e produzir conhecimentos, bem como implementar a gestão dos riscos de desastres, tendo como objeto de estudo processos de comunicação e educação para prevenção de desastres.

  7. Fatores de risco para mortalidade neonatal precoce Risk factors for early neonatal mortality

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniela Schoeps

    2007-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar os fatores de risco da mortalidade neonatal precoce. MÉTODOS: Estudo caso-controle de base populacional com 146 óbitos neonatais precoces e amostra de 313 controles obtidos entre os sobreviventes ao período neonatal, na região sul do município de São Paulo, no período de 1/8/2000 a 31/1/2001. As informações foram obtidas por meio de entrevistas domiciliares e prontuários hospitalares. Foi realizada análise hierarquizada em cinco blocos com características: 1 socioeconômicas das famílias e das mães; 2 psicossociais maternas; 3 biológicas e da história reprodutiva materna; 4 do parto; 5 do recém-nascido. RESULTADOS: Os fatores de risco para a mortalidade neonatal precoce foram: Bloco 1: baixa escolaridade do chefe da família (OR=1,6; IC 95%: 1,1;2,6; domicílio em favela (OR=2,0; IC 95%: 1,2;3,5, com até um cômodo (OR=2,2; IC 95%: 1,1;4,2; Bloco 2: mães com união recente (OR=2,0; IC 95%: 1,0;4,2 e sem companheiro (OR=1,8; IC 95%: 1,1;3,0, presença de maus tratos (OR=2,7;1,1-6,5; Bloco 3: presença de intercorrência na gravidez (OR=8,2; IC 95%: 5,0;13,5, nascimento prévio de baixo peso (OR=2,4; IC 95%: 1,2;4,5; pré-natal ausente (OR=16,1; IC 95%: 4,7;55,4 ou inadequado (OR=2,1; IC 95%: 2,0;3,5; Bloco 4: presença de problemas no parto (OR=2,9; IC 95%: 1,4;5,1, mães que foram ao hospital de ambulância (OR=3,8; IC 95%: 1,4;10,7; Bloco 5: baixo peso ao nascer (OR=17,3; IC 95%: 8,4;35,6, nascimento de pré-termo (OR=8,8; IC 95%: 4,3;17,8. CONCLUSÕES: Além dos fatores proximais (baixo peso ao nascer, gestações de pré-termo, problemas no parto e intercorrências durante a gestação, identificou-se a participação de variáveis que refletem exclusão social e de fatores psicossociais. Esse contexto pode afetar o desenvolvimento da gestação e dificultar o acesso das mulheres aos serviços de saúde. A assistência pré-natal adequada poderia minimizar parte do efeito dessas variáveis.OBJECTIVE: To

  8. O preparo para o trabalho de risco

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Yone Caldas Silva

    Full Text Available A autora focaliza a importância da preparação psicológica e profissional dos trabalhadores, para enfrentarem os riscos do trabalho, no cenário atual de mudanças nas organizações. Considerando a literatura científica internacional, apresenta dados de sua experiência pessoal. A partir do diagnóstico organizacional, sob a coordenação da Assessoria em Segurança, Saúde e Meio Ambiente, da Refinaria Duque de Caxias, (RJ , da qual era consultora, foi aplicada uma metodologia baseada na autonomia de ação de grupos de empregados, incluindo decisões na aplicação de recursos. Como resultados, são evidenciados a dinamização da estrutura organizacional, mudanças nas condições de trabalho, diminuição significativa nos índices e na gravidade dos acidentes, maior capacitação psicológica e profissional para o trabalho de equipe e o desenvolvimento de aptidão gerencial. Conclui, focalizando o importante papel das instituições vinculadas à segurança, saúde e meio-ambiente, indicando a necessidade de serem implementadas pesquisas de novas metodologias concernentes aos aspectos psicológicos do trabalho.

  9. A behavioral intervention in a cohort of Japanese-Brazilians at high cardiometabolic risk Intervención conductual en nipo-brasileños con alto riesgo cardiometabólico Intervenção comportamental em nipo-brasileiros com alto risco cardiometabólico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bianca de Almeida-Pititto

    2012-08-01

    Full Text Available OBJECTIVE: To assess the effect of a health promotion program on cardiometabolic risk profile in Japanese-Brazilians. METHODS: A total of 466 subjects from a study on diabetes prevalence conducted in the city of Bauru, southeastern Brazil, in 2000 completed a 1-year intervention program (2005-2006 based on healthy diet counseling and physical activity. Changes in blood pressure and metabolic parameters in the 2005-2006 period were compared with annual changes in these same variables in the 2000-2005 period. RESULTS: During the intervention, there were greater annual reductions in mean (SD waist circumference [-0.5(3.8 vs. 1.2(1.2 cm per year, pOBJETIVO: Evaluar el efecto de programa de promoción de salud en el perfil de riesgo cardiometabólico de nipón-brasileños. MÉTODOS: Un total de 466 participantes en estudio de prevalencia de diabetes en Bauru, Sudeste de Brasil, en el año 2000 completaron un programa de intervención de un año (2005-2006 basado en consejos sobre dieta saludable y práctica de actividad física. Alteraciones en presión arterial y parámetros metabólicos entre 2005 y 2006 se compararon con alteraciones anuales en esas mismas variables entre 2000 y 2005. RESULTADOS: Durante la intervención, se observaron mayores reducciones anuales promedio (dp en la circunferencia de la cintura [-0,5(3,8 vs. 1,2(1,2 cm/año, pOBJETIVO: Avaliar o efeito do programa de promoção de saúde no perfil de risco cardiometabólico de nipobrasileiros. MÉTODOS: Um total de 466 participantes de estudo de prevalência de diabetes em Bauru, SP, no ano de 2000 completou um programa de intervenção de um ano (2005-2006 baseado em aconselhamento sobre dieta saudável e prática de atividade física. Alterações em pressão arterial e parâmetros metabólicos entre 2005 e 2006 foram comparados com alterações anuais nessas mesmas variáveis entre 2000 e 2005. RESULTADOS: Durante a intervenção, foram observadas maiores reduções anuais m

  10. Acidentes de trabalho envolvendo os olhos: avaliação de riscos ocupacionais com trabalhadores de enfermagem Accidentes de trabajo involucrando los ojos: evaluación de riesgos laborales con trabajadores de enfermería Labor accidents involving the eyes: assessment of occupational risks involving nursing workers

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristiana Brasil de Almeida

    2005-10-01

    Full Text Available Objetivou-se identificar trabalhadores de enfermagem que sofreram acidentes oculares e o tipo de acidente; descrever as providências tomadas e propor metodologias de Educação em Saúde. Estudo descritivo, exploratório, realizado em maternidade pública, de setembro de 2002 a janeiro de 2003. A coleta de dados ocorreu por meio de observação direta do ambiente e entrevista com os trabalhadores. Os sujeitos foram dez profissionais de enfermagem (uma enfermeira, duas técnicas e sete auxiliares que sofreram acidente de trabalho envolvendo o olho. Os acidentes agruparam-se de acordo com o tipo de material causador do trauma: com substância química (4, com medicações (3, por trauma mecânico (1, escalpe (1 e urina (1. Diante dos resultados encontrados, é interessante enfatizar que trabalhadores hospitalares estão propícios a acidentes de trabalho porque o ambiente oferece riscos biológicos, químicos e físicos. Uma importante medida para impedir a ocorrência de novos acidentes seria a prevenção dos erros humanos, mediante adoção de treinamento contínuo dos profissionais e uso de óculos de proteção.El objetivo fue identificar a los trabajadores de enfermería que sufrieron accidentes oculares y el tipo de accidente, describir las medidas tomadas y proponer metodologías de Educación en Salud. Estudio descriptivo, exploratorio, realizado en una maternidad pública, de septiembre/2002 a enero/2003. Se recopiló los datos mediante observación directa del ambiente y entrevista con los trabajadores. Diez profesionales del equipo de enfermería (una enfermera, dos técnicas y siete auxiliares sufrieron accidentes de trabajo involucrando el ojo. Se agrupó los accidentes según el tipo de material causador del trauma: sustancia química (4; remedios (3; trauma mecánico (1; escalpe (1 y orina (1. Ante los resultados encontrados, es importante enfatizar que los trabajadores de hospitales están propensos a accidentes de trabajo porque

  11. O uso de cloro na desinfecção de águas, a formação de trihalometanos e os riscos potenciais à saúde pública Chlorine use in water disinfection, trihalomethane formation, and potential risks to public health

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sheila T. Meyer

    1994-03-01

    Full Text Available Antes do desenvolvimento da teoria dos microorganismos como causadores de doenças (1880, acreditava-se que estas eram transmitidas através de odores. A desinfecção, tanto da água de abastecimento como dos esgotos, surgiu como uma tentativa da eliminação desses odores. Existem muitos agentes desinfetantes, mas, em geral, o cloro é o principal produto utilizado na desinfecção de águas de abastecimento. A presença de compostos orgânicos em águas que sofrem o processo de cloração resulta na formação dos trihalometanos, compostos formados por um átomo de carbono, um de hidrogênio e três de halogênio (cloro, bromo, iôdo. Os trihalometanos são considerados compostos carcinogênicos e sua presença na água deve ser evitada. Levantamentos epidemiológicos relacionando a concentração dos trihalometanos com a morbidade e a mortalidade por câncer evidenciaram associações positivas em alguns casos de carcinomas. Entretanto, a substituição do cloro por outro desinfetante no tratamento da água pode trazer mais riscos do que benefícios, considerando-se que a diminuição da incidência de doenças transmissíveis pela água somente foi alcançada com a difusão do emprego da técnica de cloração.Before the development of the germ theory relating microorganisms with disease transmission (1880 people believed that diseases were transmitted by odours. Water and sewage disinfection emerged as a method for elimination of odours. There are many disinfecting agents, but chlorine is the main product used to disinfect water. Organic compounds present in water that is chlorinated can result in the formation of trihalomethanes. The latter are basically one atom of carbon, one of hydrogen, and three of a halogen (chlorine, bromine, or iodine. These are considered carcinogenic compounds and their presence in drinking water should therefore be avoided. Epidemiological research has shown an association between trihalomethane concentration

  12. Câncer de mama: fatores de risco e detecção precoce

    OpenAIRE

    Pamella Araújo da Silva; Sueli da Silva Riul

    2011-01-01

    Objetivou-se identificar fatores de risco, segundo o INCA, para câncer de mama, analisar conhecimento e realização do AEM, ECM e mamografia, e verificar relação entre idade e escolaridade com conhecimento e realização desses exames. Dados coletados, durante dez meses, por entrevista com mulheres em quimioterapia contra câncer de mama, analisados por freqüência estatística simples. Observou-se concordância com a minoria dos fatores de risco. Todos os exames eram conhecidos e praticados pela ma...

  13. Imagem corporal e fatores de risco em praticantes de caminhada da cidade do Natal-RN

    OpenAIRE

    Silva Filho, Lindomar da

    2009-01-01

    Imagem corporal é a figura de nossos corpos construída em nossas mentes e o grau de insatisfação geralmente está associada a fatores de risco identificados por medidas antropométricas. O objetivo desse estudo descritivo foi avaliar os fatores de risco decorrentes das variáveis morfológicas e funcionais associadas à percepção de autoimagem em 130 praticantes de caminhada de meia-idade da zona sul da cidade de Natal, subdivididos em quatro grupos em função do gênero e faixa etária. Como instrum...

  14. Fatores de risco associados à mastite bovina na microrregião Garanhuns, Pernambuco

    OpenAIRE

    Oliveira,Júnior M.B.; Vanderlei,Dayane R.; Wisley da S. Moraes; Daniel F. Brandespim; Mota,Rinaldo A.; Oliveira,Andréa A. da F.; Medeiros,Elizabeth S. de; José W. Pinheiro Júnior

    2012-01-01

    Objetivou-se com este estudo analisar os fatores de risco associados à mastite bovina na microrregião de Garanhuns, Pernambuco. Para isso, foram submetidas ao exame microbiológico 1260 amostras de leite e em cada propriedade foi aplicado um questionário contendo informações relacionadas às características raciais dos animais, dados gerais sobre as propriedades, manejo do rebanho e higiênico-sanitário durante a ordenha. Para a análise dos fatores de risco foi realizada uma regressão logística ...

  15. Influenza pandêmica A (H1N1) 2009: fatores de risco para o internamento

    OpenAIRE

    2012-01-01

    OBJETIVO: Avaliar os aspectos da influenza pandêmica A (H1N1) 2009 em pacientes hospitalizados a fim de identificar os fatores de risco para o internamento e, consequentemente, para o agravamento da doença. MÉTODOS: Estudo observacional e retrospectivo realizado entre março e dezembro de 2010. Os dados foram coletados a partir do Sistema Nacional de Agravos de Notificação do Ministério da Saúde. Foram incluídos somente os pacientes hospitalizados e não hospitalizados com confirmação laborator...

  16. Hipercolesterolemia em escolares e seus fatores de risco

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cleunice Luzia Smania Coronelli

    2003-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Identificar os fatores de risco da hipercolesterolemia em escolares de sete a dez anos de idade. MÉTODOS: Estudo caso-controle, desenvolvido com 172 escolares do Município de Campinas, SP, pareados conforme sexo e trimestre de idade. Considerou-se caso a hipercolesterolemia, diagnosticada quando a criança apresentava colesterol ³200 mg/dL, e controle quando a criança apresentava colesterol entre 140 e 170 mg/dL. Além da coleta de sangue para a dosagem do nível de colesterol, foram levantados dados sobre pressão arterial, índice de massa corporal e história familiar de doenças cardiovasculares. Os dados foram analisados por correlação bivariada usando o teste t para as variáveis quantitativas e o qui-quadrado para a história familiar de doenças cardiovasculares. O odds-ratio foi usado para estimar o risco de hipercolesterolemia. RESULTADOS: A média do colesterol encontrada foi de 215 mg/dL nos casos e de 154 mg/dL nos controles. A média da pressão arterial sistólica foi de 107 mmHg nos casos e de 106 mmHg nos controles e da diastólica foi de 67 mmHg nos casos e 68 mmHg nos controles. O índice de massa corporal (Kg/m² apresentou média de 18,2 nos casos e de 17,1 nos controles. A análise bivariada mostrou associação entre hipercolesterolemia e índice de massa corporal (p=0,048. O odds ratio apontou a obesidade como fator de risco para a hipercolesterolemia (OR=2,17; IC=1,05 a 4,45. CONCLUSÕES: Os resultados apontaram a obesidade como fator de risco da hipercolesterolemia.

  17. Hipercolesterolemia em escolares e seus fatores de risco

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Coronelli Cleunice Luzia Smania

    2003-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Identificar os fatores de risco da hipercolesterolemia em escolares de sete a dez anos de idade. MÉTODOS: Estudo caso-controle, desenvolvido com 172 escolares do Município de Campinas, SP, pareados conforme sexo e trimestre de idade. Considerou-se caso a hipercolesterolemia, diagnosticada quando a criança apresentava colesterol superscript three200 mg/dL, e controle quando a criança apresentava colesterol entre 140 e 170 mg/dL. Além da coleta de sangue para a dosagem do nível de colesterol, foram levantados dados sobre pressão arterial, índice de massa corporal e história familiar de doenças cardiovasculares. Os dados foram analisados por correlação bivariada usando o teste t para as variáveis quantitativas e o qui-quadrado para a história familiar de doenças cardiovasculares. O odds-ratio foi usado para estimar o risco de hipercolesterolemia. RESULTADOS: A média do colesterol encontrada foi de 215 mg/dL nos casos e de 154 mg/dL nos controles. A média da pressão arterial sistólica foi de 107 mmHg nos casos e de 106 mmHg nos controles e da diastólica foi de 67 mmHg nos casos e 68 mmHg nos controles. O índice de massa corporal (Kg/msuperscript two apresentou média de 18,2 nos casos e de 17,1 nos controles. A análise bivariada mostrou associação entre hipercolesterolemia e índice de massa corporal (p=0,048. O odds ratio apontou a obesidade como fator de risco para a hipercolesterolemia (OR=2,17; IC=1,05 a 4,45. CONCLUSÕES: Os resultados apontaram a obesidade como fator de risco da hipercolesterolemia.

  18. A psicologia e o conceito de risco: estudos publicados entre 1999 e 2010 = Psychology and the concept of risk: studies published between 1999 and 2010

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bisol, Cláudia Alquati

    2012-01-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho é compreender como o conceito de risco tem sido utilizado em pesquisas na área da Psicologia, nos últimos onze anos, no Brasil. Realizou-se uma revisão em periódicos qualis A, B e C (CAPES, publicados entre 1999 e 2010, disponíveis em biblioteca virtual. A análise foi dividida em três etapas: classificação dos artigos conforme a explicitação do conceito de risco; classificação conforme as temáticas de interesse; identificação dos paradigmas individual ou social. Foram analisados 128 artigos: 36 apresentaram conceituação explícita de risco, 33 apresentaram o risco como eixo de discussão e 59 referiram-se ao risco superficialmente. As temáticas encontradas com maior frequência foram relativas aos riscos associados ao ciclo vital, a doenças físicas ou emocionais e à análise do discurso sobre risco e trabalho; 116 publicações (90,6 % apresentaram como base conceitual o paradigma social. Ressalta-se a importância de que os estudos definam melhor o conceito de risco e os pressupostos que sustentam suas escolhas teóricas e metodológicas

  19. Demência como fator de risco para fraturas graves em idosos Dementia as risk factor for severe bone fractures among the elderly

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aline de Mesquita Carvalho

    2002-08-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: As quedas entre pessoas idosas constituem importante problema de saúde pública devido à sua alta incidência, às complicações para a saúde e aos altos custos assistenciais. O estudo realizado visa a estimar a associação entre demência e ocorrência de quedas e fraturas entre idosos. MÉTODOS: Foi conduzido estudo caso-controle de 404 indivíduos com 60 ou mais anos de idade, da cidade do Rio de Janeiro, Brasil. Casos e controles foram pareados por idade, sexo e hospital. Os dados foram coletados por meio de entrevista estruturada com os idosos. Foram considerados portadores de quadro demencial idosos cuja pontuação no questionário BOAS fosse superior a dois. Foram obtidos odds ratios (OR ajustados por fatores potenciais de confusão, utilizando-se regressão logística condicional. RESULTADOS: As quedas distribuíram-se igualmente entre os períodos da manhã, tarde e noite, havendo uma redução em sua freqüência durante a madrugada. Acidentaram-se dentro de casa 78% dos idosos com demência, contra 55% daqueles sem essa doença. O OR não-ajustado para a associação entre demência e fratura grave foi de 2,0 (IC95%, 1,23-3,25. Após o ajuste por fatores de confusão, houve uma pequena redução dessa associação (OR=1,82, 1,03-3,23. CONCLUSÃO: Idosos com quadro demencial apresentam maior risco de caírem e ser hospitalizados por fratura do que idosos sem demência. Tal fato implica a necessidade de cuidados especiais com esses indivíduos, visando a minimizar o risco desses acidentes.INTRODUCTION: Falls among elderly represent an important public health concern due to its high incidence, health implications, and medical care costs. The study aims to assess the association between dementia and bone fracture risk after falls among the elderly. METHODS: A case-control of 404 subjects aged 60 years old or more living in Rio de Janeiro, Brazil, was carried out. Cases and controls were matched by age, sex, and

  20. Erros mais comuns e fatores de risco na administração de medicamentos em unidades básicas de saúde Errores mas comunes y factores de riesgo en la administración de medicamentos en las unidades básicas de salud Common errors and risk factors in medicine administration at basic health units

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Viviane Tosta de Carvalho

    1999-12-01

    Full Text Available Este estudo identificou e analisou as opiniões de enfermeiros e profissionais de enfermagem sobre os fatores de risco mais comuns à ocorrência dos erros na administração de medicamentos, as conseqüências, intervenções tomadas e medidas que minimizariam essa ocorrência. Para tanto, aplicou-se um instrumento para coleta de dados contendo questões sobre as opiniões de profissionais de enfermagem, atuantes em Unidades Básicas de Saúde de uma cidade do interior paulista. Os resultados indicaram que os fatores de risco associados ao próprio profissional foram a falta de atenção e dificuldade de entender prescrições médicas. As intervenções tomadas estão relacionadas à punição e educação e as propostas para minimizar as ocorrências dos erros foram a orientação e reciclagem dos profissionais envolvidos.Este estudio, de carácter cuantitativo, identificó y analizó los factores de riesgo mas comunes para la aparición de errores durante la administración de medicamentos, las consecuencias y medidas que disminuían la ocurrencia de los mismos, según las opiniones de los profesionales de enfermería de las unidades básicas de salud de una cuidad del interior de São Paulo. Los factores de riesgo asociados al propio profesional fueron la falta de atención y dificultad para entender las prescripciones médicas. Las intervenciones tomadas frente al error fueron el castigo, y la educación. Dentro de las propuestas para disminuir las ocurrencias de errores para este grupo de personas fueron la orientación, y la educación de los profesionales involucrados.The present study identified and analyzed the opinions of nurses and nursing professionals about the more common risk factors regarding errors in medicine administration as well as the consequences, interventions and measures to minimize this problem. Therefore, the authors applied an instrument of data collection with questions on the opinions of the nursing professionals

  1. Riscos ocupacionais para a equipe de enfermagem que trabalha em hemodiálise

    OpenAIRE

    2012-01-01

    Este estudo tem como objetivo analisar riscos ocupacionais, aos quais a enfermagem está exposta no cuidado em hemodiálise. Defende-se a tese de que medidas de segurança são negligenciadas para os riscos ocupacionais que não são vistos ou sentidos. A investigação foi composta de dois momentos sendo o primeiro a análise da ocorrência de riscos no reprocessamento de sistemas de hemodiálise por inquérito recordatório. Quatro enfermeiras e oito técnicos enfermagem do hospital-escola responderam ao...

  2. Pequenos para idade gestacional: fator de risco para mortalidade neonatal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Almeida Márcia Furquim de

    1998-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Estudar as variáveis contempladas na Declaração de Nascimento (DN como possíveis fatores de risco para nascimentos pequenos para a idade gestacional (PIG e o retardo de crescimento intra-uterino como fator de risco para a mortalidade neonatal. MATERIAL E MÉTODO: As variáveis existentes na DN foram obtidas diretamente de prontuários hospitalares. Os dados referem-se a uma coorte de nascimentos obtida por meio da vinculação das declarações de nascimento e óbito, correspondendo a 2.251 nascimentos vivos hospitalares, de mães residentes, ocorridos no Município de Santo André, Região Metropolitana de São Paulo, no período de l/1 a 30/6/1992, e aos óbitos neonatais verificados nessa coorte. RESULTADOS: Obteve-se a proporção de 4,3% de nascimentos PIG, significativamente maior entre os recém-nascidos de pré-termo e pós-termo, entre os nascimentos cujas mães tinham mais de 35 anos de idade e grau de instrução inferior ao primeiro grau completo. Os recém-nascidos PIG apresentam maior risco de morte neonatal que aqueles que não apresentavam sinais de retardo de crescimento intra-uterino. CONCLUSÕES: Em áreas com menor freqüência de baixo peso ao nascer, é importante investigar a presença de retardo de crescimento intra-uterino entre os nascimentos prematuros e não apenas nos nascimentos de termo. O registro da data da última menstruação (ou da idade gestacional em semanas não agregadas na DN facilitaria a detecção de PIGs na população de recém-nascidos.

  3. Representações do trabalho informal e dos riscos à saúde entre trabalhadoras domésticas e trabalhadores da construção civil Representations of informal jobs and health risks among housemaids and construction workers

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jorge Alberto Bernstein Iriart

    2008-02-01

    Full Text Available Nas últimas décadas, o mercado de trabalho no Brasil tem apresentado um aumento de trabalhadores não registrados. Trabalhadores informais, além de remunerações abaixo do mínimo legal, não contam com seguridade social, e medidas de prevenção de riscos. Este estudo teve por objetivo a análise das representações e percepções sobre a informalidade do contrato de trabalho e dos riscos à saúde entre trabalhadores informais acidentados. A pesquisa foi qualitativa, baseada em entrevistas em profundidade realizadas com dezessete trabalhadores, nove trabalhadoras domésticas e oito operários da construção civil. Observou-se que os trabalhadores reconhecem a importância do trabalho formal, principalmente pela garantia dos direitos trabalhistas, apontando a desvalorização simbólica do trabalho informal com repercussão em sua auto-estima. Ambos os grupos tenderam a minimizar os riscos de acidentes de trabalho, e não associaram o trabalho informal a maior risco de acidentes ou doenças. Identificou-se a necessidade sentida de formalização dos vínculos de trabalho pelos trabalhadores. Os resultados do estudo demonstram a necessidade de maior divulgação e discussão dos direitos trabalhistas e da construção de políticas públicas que contemplem a segurança e saúde destes trabalhadores.During the past few decades, the Brazilian labor market has been characterized by an increase of unregistered workers, earning lower wages, not covered by social insurance or occupational risk prevention programs. This study describes the representations and perceptions about informal work contracts and job-related health risks, analyzed in a group of injured unregistered workers. This was a qualitative study based on in-depth interviews carried out with seventeen laborers, nine housemaids and eight construction workers. The findings indicate that workers recognize the importance of formal jobs, mainly because of legal guarantees of labor rights

  4. Fatores de risco para mortalidade neonatal em crianças com baixo peso ao nascer Factores de riesgo para mortalidad neonatal en niños con bajo peso al nacer Risk factors for neonatal mortality among children with low birth weight

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adolfo Monteiro Ribeiro

    2009-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar os fatores de risco associados aos óbitos neonatais em crianças com baixo peso ao nascer. MÉTODOS: Realizou-se um estudo de coorte, composto pelos nascidos vivos com peso entre 500 g e 2.499 g, residentes no Recife (PE, entre 2001 e 2003, produtos de gestação única e sem anencefalia. Os dados sobre os 5.687 nascidos vivos e 499 óbitos neonatais, provenientes do Sistema de Informações sobre Nascidos Vivos e do Sistema de Informações sobre Mortalidade, foram integrados pela técnica de linkage. Em modelo hierarquizado, as variáveis dos níveis distal (fatores socioeconômicos, intermediário (fatores de atenção à saúde e proximal (fatores biológicos foram submetidas à análise univariada e regressão logística multivariada. RESULTADOS: Com o ajuste das variáveis na regressão logística multivariada, as variáveis do nível distal que permaneceram significantemente associadas com o óbito neonatal foram: a coabitação dos pais, número de filhos vivos e tipo de hospital de nascimento; no nível intermediário: número de consultas no pré-natal, complexidade do hospital de nascimento e tipo de parto; e no nível proximal: sexo, idade gestacional, peso ao nascer, índice de Apgar e presença de malformação congênita. CONCLUSÕES: Os principais fatores associados à mortalidade neonatal nos nascidos vivos com baixo peso estão relacionados com a atenção à gestante e ao recém-nascido, redutíveis pela atuação do setor saúde.OBJETIVO: Analizar los factores de riesgo asociados a los óbitos neonatales en niños con bajo peso al nacer. MÉTODOS: Se realizó un estudio de cohorte, compuesto por los nacidos vivos con peso entre 500 g y 2.499 g, residentes en Recife (Noreste de Brasil, entre 2001 y 2003, productos de gestación única y sin anencefalia. Los datos sobre los 5.687 nacidos vivos y 499 óbitos neonatales, provenientes del Sistema de Informaciones sobre Nacidos Vivos y del Sistema de

  5. Conhecimento de mulheres com diabetes mellitus sobre cuidados pré-concepcionais e riscos materno-fetais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Escolástica Rejane Ferreira Moura

    2012-02-01

    Full Text Available Objetivou-se descrever o perfil reprodutivo de mulheres com diabetes mellitus (DM e verificar o nível de conhecimento destas quanto aos riscos maternos e fetais e os cuidados pré-concepcionais. Estudo exploratório, que contou com a participação de 106 mulheres, realizado no Centro Integrado de Hipertensão e Diabetes, de março a julho de 2009. As variáveis reprodutivas foram: número de gestações, partos e abortos e planejamento da gravidez. Os dados foram coletados por meio de entrevista que seguiu um formulário pré-estabelecido. O perfil reprodutivo de mulheres com DM mostrou-se permeado de riscos e repercussões reprodutivas negativas à saúde materna e fetal. Das 106 (100% mulheres estudadas, 44 (41,5% apresentaram conhecimento moderado sobre os cuidados pré-concepcionais e 58 (54,7% conhecimento limitado sobre os riscos maternos e fetais. Faz-se necessário oferecer informações às mulheres a fim de promover o conhecimento sobre os riscos maternos e fetais e os cuidados pré-concepcionais.

  6. Análise de propostas de gestão de riscos em ambientes com atividades envolvendo nanomateriais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luís Renato Balbão Andrade

    2013-11-01

    Full Text Available A manipulação de nanomateriais apresenta enormes desafios para a gestão de ris-cos em pesquisa e na produção de novos materiais. Porém, os dados sobre os impactos destes novos materiais sobre a saúde humana e meio ambiente precisam ser ampliados. Vários esforços têm sido feitos para mitigar as adversidades e oferecer diretrizes para a gestão destes riscos associados aos nanomateriais. Este artigo objetiva fornecer visão ampla e comparativa entre as principais propostas existentes na literatura. A metodologia utilizada foi análise sistemática englobando 17 propostas de gestão de riscos com nanomateriais. Os resultados indicam que, embora não haja consenso sobre as métricas utilizadas para caracterizar os riscos dos nanomateriais, a adoção do Princípio da Precaução, do enfoque de controle de bandas e da participação dos envolvidos se sobressai entre os documentos analisados.

  7. Percepção de risco e excesso de velocidade Risk perception and speeding

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Iara Picchioni Thielen

    2008-01-01

    Full Text Available Este trabalho discute percepção de riscos no trânsito, comparando um grupo de motoristas infratores a um grupo de motoristas sem multas por excesso de velocidade. O objetivo da pesquisa foi explicitar a interação entre a norma de velocidade e o comportamento de excesso de velocidade. Nas justificativas para o excesso de velocidade, foram identificados importantes fatores na determinação da percepção de risco: controle (centralizado no motorista, minimização do risco (a velocidade na qual eles transitam não oferece riscos, confiança (eles se julgam hábeis motoristas e podem definir o que é excesso de velocidade e falta de credibilidade nas instâncias que devem gerenciar as ameaças. Os infratores revelam uma construção cognitiva de invulnerabilidade pessoal, associada a um otimismo irrealista e autopercepção superavaliada, aliadas a uma exagerada percepção de controle sobre o ambiente, centralizado em sua perícia e habilidade. Não há diferença de percepção de riscos entre os motoristas dos dois grupos. Não há correspondência entre riscos objetivos e riscos percebidos, pois os motoristas dos dois grupos percebem riscos objetivos genericamente considerados, porém descontextualizados da potencialidade para acidentes embutida em diferentes velocidades.This paper discusses risk perception comparing drivers with and without fines for speeding. The research aimed to show the interaction between speeding laws and speeding behavior. Speeders' explanations for their behavior revealed important factors in the determination of risk perception: control (driver-centered, risk minimization (drivers claimed there was no risk involved in the way they speeded, self-confidence (they considered themselves good drivers and believed they were able to define what constitutes speeding, and lack of credibility in the institutions that manage traffic risks. Speeders display a cognitive construct of personal invulnerability combined with

  8. Fatores de Risco para Infecção Pós-Craniotomia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gustavo Palmer Irffi

    2016-10-01

    Full Text Available Justificativa e Objetivos: A infecção pós-craniotomia é um risco real para a recuperação do paciente, com aumento da morbimortalidade e, também, dos custos para o sistema de saúde. Com uma alta incidência de complicações, chegando a até 11%, é importante ter noção dos fatores de risco desse procedimento a fim de melhorar a qualidade do atendimento e da recuperação do paciente. Dessa forma, o objetivo desse artigo é definir o risco de infecção nesse procedimento; indicar a incidência de infecção de sítio cirúrgico e de meningite; apontar os principais fatores de risco; e calcular a taxa de óbito de craniotomia. Métodos: O estudo foi uma coorte retrospectiva em seis hospitais de Belo Horizonte por um período de dez anos. Dados foram colhidos e analisados buscando resultados relacionados à incidência e aos fatores de risco pós-craniotomia. Resultados: As infecções globais têm uma incidência de 8,8%, as infecções de sítio cirúrgico de 5,1% e as meningites de 2,3%. A taxa de letalidade está em 8,3%. Conclusão: Os principais fatores de risco são o escore American Society of Anesthesiologists (ASA > 2 e o uso de próteses; o uso de anestesia geral se mostrou um fator protetor em relação ao desenvolvimento de infecções.

  9. Estigmatização e Riscos no Trabalho dos Necrotomistas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Frankleudo Luan de Lima Silva

    Full Text Available RESUMO Este artigo objetivou compreender de que maneira a estigmatização é vivenciada por necrotomistas e a relação que eles desenvolvem com os riscos de sua atividade. Quanto à teoria, utilizaram-se os conceitos de estigma e risco, articulando-os com elementos da Psicodinâmica do Trabalho. Metodologicamente, combinaram-se entrevistas semiestruturadas individuais e observações na sala de necropsias. Para a análise dos dados, a opção foi pela análise de conteúdo temática. Participaram deste estudo os necrotomistas do Departamento de Medicina Legal de uma capital do Nordeste brasileiro. Evidenciou-se que a intensa estigmatização está associada ao desconhecimento popular sobre sua atividade e à natureza de seu trabalho. A relação dos necrotomistas com os riscos, inclusive aqueles produzidos pela vivência do estigma, está mediada por um uso intensivo de estratégias defensivas que podem não contribuir para transformar positivamente as situações de trabalho.

  10. AGENTES FÍSICOS EM UNIDADES BÁSICAS DE SAÚDE: POTENCIALIDADE DE RISCOS OCUPACIONAIS

    OpenAIRE

    Natália Pereira Marinelli; Maria Belén Salazar Posso; Tarciso Marinelli Filho

    2015-01-01

    Os ambientes de trabalho em que atuam os profissionais de saúde, como as Unidades Básicas de Saúde da Família (UBSF), concentram, por sua natureza, uma série de riscos que podem trazer diversos agravos à saúde e acometem, em especial, trabalhadores de Enfermagem. Este estudo teve o objetivo de identificar e descrever as potencialidades dos agentes físicos, como riscos ocupacionais nas Unidades Básicas de Saúde (UBS). Trata-se de uma revisão de literatura integrativa, por meio de pesquisa em a...

  11. Fatores de risco cardiovascular em alcoolistas em tratamento

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mayla Cardoso Fernandes Toffolo

    2013-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a presença de fatores de risco cardiovascular, com ênfase na hipertensão e na adiposidade corporal, em alcoolistas abstinentes ou não abstinentes em tratamento. MÉTODO: Trata-se de um estudo transversal com 65 pacientes alcoolistas em tratamento no CAP-Sad. O grau de dependência do álcool foi avaliado pelo SADD (Short Alcohol Dependence Data e o uso de outras drogas, pelo ASSIST (Alcohol Smoking and Substance Involvement Screening Test. Foram avaliados o perfil bioquímico e o antropométrico dos usuários. RESULTADOS: Participaram do estudo 42 homens e 23 mulheres. A maioria dos participantes (67,74% apresentou dependência alcoólica grave, com uso de álcool associado principalmente a cigarro (66,15%. A média da circunferência da cintura (CC foi significativamente maior entre os abstinentes, em comparação aos não abstinentes (AB: 88,15 ± 15,95 x NA: 81,04 ± 9,86; p = 0,03. Pacientes abstinentes há mais tempo tiveram maior sobrepeso/obesidade e adiposidade abdominal (CC do que os não abstinentes e abstinentes recentes, com razão de chances de 5,25. Os abstinentes apresentaram razão de chances de 3,38 para %GC acima da média, independente do tempo de abstinência. CONCLUSÃO: Pacientes alcoolistas abstinentes apresentam mais sobrepeso/ obesidade, adiposidade corporal (%GC e abdominal (CC do que os não abstinentes. É importante o acompanhamento multiprofissional no tratamento de alcoolistas com abordagem para fatores de risco cardiovasculares, principalmente evitando o ganho de peso.

  12. Idade materna como fator de risco: estudo com primigestas na faixa etária igual ou superior a 28 anos La edad materna como un factor de riesgo: estudio com primigestas en la facha etaria igual o superior a 28 años Maternal age as a risk factor: a study on first time pregnant women with age equal or higher than 28 years old

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristina Maria Garcia de Lima Parada

    1999-10-01

    Full Text Available Trata-se de estudo transversal, cujo objetivo foi analisar a idade materna como fator de risco ou não, através da verificação de intercorrências na gestação, parto e puerpério de primigestas com idade igual ou superior a 28 anos e das condições de nascimento e alta de seus recém-nascidos, comparando-as com o grupo de primigestas na faixa etária de 20 a 27 anos. Foi realizado em Botucatu/S.P., no período de janeiro de 1990 a junho de 1995. A análise estatística, discutida ao nível de 5% de significância, foi realizada através da prova de Mann-Whitney, teste de Goodman e avaliação do risco relativo e risco relativo corrigido, através da técnica de Mantel-Haenszel. Concluiu-se que a idade materna igual ou superior a 28 anos não constituiu fator de risco gestacional, puerperal e intra-parto mas, por outro lado, foi fator de risco, mesmo após controlado o tipo de parto, para as seguintes intercorrências perinatais: taquipnéia transitória do recém-nascido, cianose generalizada ao nascer e infecção neonatal.Es un estudio que tiene por objetivo analizar la edad materna como factor de riesgo o no, a través de la verificación de complicaciones en la gestación, parto y puerperio de primigestantes con edad igual o superior a 28 años, así como también las condiciones de nacimiento y alta de sus recien nacidos, haciendo una comparación con los grupos de primigestas en la facha etaria de 20 a 27 años. Se realizó en Botucatu/SP, del enero, 1990 al junio, 1995. El análisis de las estadísticas discutidas, tuvo un nivel significante de 5%, estas fueron realizadas a través de la prueba de Mann-Whitney y teste de Goodman. La evaluación del riesgo relativo y riesgo relativo corregido, fueron hechas a través de la técnica de Mantel-Haenszel. Se concluye que la edad maternal igual o superior a 28 años no constituye un factor de riesgo gestacional, puerperal e intra-parto, pero por outro lado, fue un factor de riesgo, mismo

  13. Antibodies to the atherosclerotic plaque components beta2-glycoprotein I and heat-shock proteins as risk factors for acute cerebral ischemia Anticorpos contra os componentes da placa aterosclerótica beta2-glicoproteína I e proteínas de choque térmico como fatores de risco para isquemia cerebral aguda

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Henrique Luiz Staub

    2003-09-01

    Full Text Available One third of cases of cerebral ischemia have no clear etiology. A humoral response to the atherosclerotic plaques components beta2-glycoprotein l (beta2-gpl and heat-shock proteins (Hsp might be involved in the pathogenesis of stroke. This case-control study includes a complete profile of anti-beta2-gpl antibodies and testing of IgG antibodies to the 60/65 kilodaltons (kDa Hsp in stroke patients. Ninety-three patients with acute ischemic stroke and 93 controls were evaluated for age, sex, race, hypertension, smoking, previous cardiopathy, diabetes mellitus, hypercholesterolemia and previous history of cerebral ischemia. lgG/lgM/lgA anticardiolipin (aCL and anti-beta2-gpl antibodies, as well as lgG antibodies to human 60 kDa Hsp and to Mycobacterium bovis 65 kDa Hsp, were detected by immunoassay. Adjusted odds ratios (OR were calculated by logistic regression. The adjusted OR for IgA anti-beta2-gpl antibodies was 4.6 (90%Cl 1.5 to 14.3; p = 0.025. The non-adjusted OR for IgG antibodies to Hsp 60 was 26.1. The adjusted OR for IgG antibodies to Hsp 65 was 3.2 (90%Cl 1.2 to 8.3; p = 0.044. The adjusted OR for lgG to any Hsp (60 or 65 was 4.8 (90%Cl 1.9 to 12.1; p = 0.006. This study demonstrates that elevated IgA anti-beta2-gpl and lgG anti-Hsp 60/65 antibodies are associated with increased risk of ischemic stroke. The association occurred independently of other risk factors. This humoral response might link autoimmunity, thrombophilia and atherosclerosis in stroke patients.Um terço dos casos de isquemia cerebral não apresenta etiologia clara. Uma resposta humoral contra os componentes da placa aterosclerótica beta2-glicoproteína l (beta2-gpl e proteínas de choque térmico ("heat-shock proteins", Hsp pode estar envolvida na patogênese do infarto cerebral. Este estudo de caso-controles inclui um perfil completo de anticorpos anti-beta2-gpI e a testagem de IgG anti-Hsp de 60/65 kilodaltons (kDa em pacientes com isquemia cerebral. Noventa e tr

  14. Excesso de peso e o risco cardiovascular em jovens seguidos por 17 anos: estudo do Rio de Janeiro El exceso de peso y el riesgo cardiovascular en jóvenes seguidos durante 17 años: estudio del Rio de Janeiro Overweight and cardiovascular risk among young adults followed-up for 17 years: the Rio de Janeiro study, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Flávia Lopes Fonseca

    2010-02-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A adoção de medidas de prevenção primária em jovens é de potencial impacto favorável no cenário das doenças cardiovasculares. OBJETIVO: Avaliar a pressão arterial (PA e variáveis de risco cardiovascular em jovens estratificados pelo comportamento do índice de massa corporal (IMC obtido ao longo de 17 anos, desde a infância/adolescência (I/A. MÉTODOS: Três avaliações foram feitas em 115 indivíduos pertencentes à coorte do Estudo do Rio de Janeiro: A1:12,97 ± 1,48 anos; A2:21,90 ± 1,71 anos; A3:30,65 ± 2,00 anos e divididos em três grupos segundo o IMC nas três avaliações: Grupo N (IMC sempre normal; n=46, Grupo L (IMC variável; n=49 e Grupo S/O (IMC sempre aumentado; n=20. Em A1, A2 e A3 foram obtidos PA e IMC. Em A2 e A3, dosados glicose (G e perfil lipídico. Ainda em A2, dosada insulina (INS e calculado HOMA-IR. Em A3 acrescentou-se medida da circunferência abdominal (CA, relação abdômen/quadril (RAQ e percentual de gordura corporal (%GC. RESULTADOS: 1 Grupo S/O apresentou maiores médias de PA aumentada (pFUNDAMENTO: La adopción de medidas de prevención primaria en jóvenes es de potencial impacto favorable en el escenario de las enfermedades cardiovasculares. OBJETIVO: Evaluar la presión arterial (PA y variables de riesgo cardiovascular en jóvenes estratificados por el comportamiento del índice de masa corporal (IMC obtenido a lo largo de 17 años, desde la infancia/adolescencia (I/A. MÉTODOS: Tres evaluaciones se llevaron a cabo en 115 individuos pertenecientes a la cohorte del Estudio del Rio de Janeiro: A1:12,97 ± 1,48 años; A2:21,90 ± 1,71 años; A3:30,65 ± 2,00 años y divididos en tres grupos segundo el IMC en las tres evaluaciones: Grupo N (IMC siempre normal; n=46, Grupo L (IMC variable; n=49 y Grupo S/O (IMC siempre aumentado; n=20. En A1, A2 y A3 se obtuvieron PA e IMC. En A2 y A3, dosificados glucosa (G y perfil lipídico. Todavía en A2, dosificada la insulina (INS y calculado

  15. Percepções de risco no prazer de fumar: uma investigação sob a ótica do comportamento do consumidor.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Michelle Helena Kovacs

    2004-12-01

    Full Text Available O risco percebido tem sido estudado na área de marketing desde sua introdução, em 1960 por Bauer, devido à sua influência no comportamento do consumidor. O objetivo deste estudo foi investigar o construto risco percebido quanto ao consumo de cigarros em grupos de fumantes e não-fumantes, com o intuito de analisar possíveis diferenças de percepções quanto aos tipos de riscos abordados pela literatura especializada. Ademais, buscou-se verificar a propensão a assumir riscos e diferenças quanto à percepção dos benefícios do consumo de cigarros. Para tal, foi realizado um estudo de corte transversal com uma amostra de 390 estudantes universitários. Os resultados indicaram que os fumantes percebem menos riscos de vício, financeiro, de saúde, sociais, de tempo e o risco geral do que os não-fumantes. Os fumantes percebem mais benefícios, em especial quanto considerar o cigarro como uma forma de aliviar a tensão e de ser relaxante.

  16. Estudo de indicadores de prescrição, Interações medicamentosas e Classificação de risco ao feto em prescrições de gestantes da cidade de Mirassol – São Paulo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriana Antônia da Cruz Furini

    2009-12-01

    Full Text Available O uso racional de medicamentos é indispensável para garantir a qualidade e eficácia de um tratamento medicamentoso. Diante disto, a utilização de medicamentos durante a gestação deve ser analisada e acompanhada minuciosamente para minimizar os riscos e possíveis conseqüências ao feto e à gestante. Foram analisadas 100 receitas medicamentosas para gestantes, internadas no Hospital e Maternidade Mãe do Divino Amor na Providência de Deus do município de Mirassol, SP, utilizando os indicadores de prescrição propostos pela OMS, análise de interação medicamentosa por programas informatizados e pela literatura, classificação dos medicamentos encontrados segundo a classificação da segurança do fármaco durante a gravidez prescrita pelo Food and Drug Administration (FDA a Relação Nacional de Medicamentos Essenciais (RENAME e a Classificação Anatomical Therapeutic Chemical (ATC. Na análise dos indicadores de prescrição, nas 100 receitas avaliadas, encontrou-se a média de 2,6 medicamentos por prescrição; 21,5% de medicamentos prescritos pelo nome genérico; 40% delas contendo antibiótico; 59,4% com pelo menos um medicamento injetável e 58 % de medicamentos prescritos, presentes na Lista de Medicamentos Padronizados. Quanto à análise de interações medicamentosas, observa-se a prescrição do antibiótico cefalexina com o antiinflamatório cetoprofeno. Portanto, considerando-se os resultados obtidos no estudo e na revisão da literatura, sugerese que as prescrições de medicamentos neste hospital para gestantes sejam melhor avaliadas segundo riscobenefício, visando à minimização dos efeitos adversos desnecessários, tanto maternos como fetais. Palavras-Chave: Indicadores. Prescrição. Gestantes. Medicamentos.

  17. Antibioterapia de largo espectro como factor de risco para o isolamento de acinetobacter baumanni multiresistente

    OpenAIRE

    2014-01-01

    Antibioterapia de largo espectro é reconhecida como um factor de risco para a infecções multiresistentes. O objectivo é avaliar a associaçao entre antibioterapia de largo espectro com Meropenem (MP) e Piperacilina/Tazobactam (PT) com o isolamento de Acinetobacter baumanni multiresistente (ABMR). Estudo caso-controlo retrospectivo. Incluidos os individuos com ABMR+ no nosso hospital em 2010. Calculamos a incidenca nos Serviços Cirúrgicos, Serviços Médicos e Unidades de Cuidados Intensi...

  18. Lucros Inesperados, Retorno das Ações e Risco no Mercado de Capitais Brasileiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renê Coppe Pimentel

    2015-12-01

    Full Text Available RESUMO Este artigo analisa o papel do risco no coeficiente de resposta ao lucro (ERC no mercado de capitais brasileiro. Como "risco" pode ser mensurado de diversas formas e variar sistematicamente de acordo com as condições analisadas, estudos empíricos têm relatado evidências conflitantes sobre o papel do risco no ERC. Este estudo empírico é baseado em dados anuais de uma amostra de 212 empresas listadas na Bolsa de Valores, Mercadorias e Futuros de São Paulo (BM&FBOVESPA, no período de 1995 a 2013. A análise considera dados longitudinais e diferentes mensurações de lucros inesperados, risco e diversas variáveis de controle. Os resultados sugerem que a relação lucro-retorno é afetada negativamente pelo risco total e por efeitos não lineares dos lucros inesperados e é afetada positivamente pela persistência dos lucros. A análise não indicou qualquer associação significativa entre o ERC e o risco sistemático e não encontrou evidências de que a adoção completa das International Financial Reporting Standards (IFRS, em 2010, afetou a forma como o mercado reage às surpresas na divulgação dos lucros contábeis. Para fins de análise da relação lucro-retorno, a classificação das empresas pelo ranking do risco total mostrou melhores resultados para discriminar empresas de maior e menor risco. Este artigo contribui com a literatura contábil em mercados emergentes ao relatar que o controle da relação lucro-retorno por meio do risco total, dos efeitos não lineares e da persistência dos lucros pode aperfeiçoar a análise financeira e o processo de avaliação das empresas.

  19. Individualização, fragmentação e risco social nas sociedades globalizadas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pedro Hespanha

    2012-10-01

    Full Text Available O autor reflecte sobre os processos através dos quais a globalização está a provocar a corrosão das estruturas de coesão interna nas sociedades contemporâneas e, ao mesmo tempo, a aumentar o risco de marginalização e de exclusão para sectores crescentes da população. A diferenciação social é um desses processos e está relacionado com fenómenos bastante visíveis nas sociedades contemporâneas, como a acentuação das desigualdades, a crescente marginalização de certas camadas e a gradual destruição das solidariedades sociais. O texto começa por analisar dois dos efeitos mais notórios por que o processo de diferenciação social opera – os efeitos de segmentação social e de individualização da vida social –, centrando-se, posteriormente, nas questões do agravamento do risco social e da relativa invisibilidade deste risco.A sociedade portuguesa é tomada como referência nesta reflexão e os resultados dos estudos realizados no âmbito do projecto “A Sociedade Portuguesa perante os Desafios da Globalização” constituem o capital de prova utilizado.

  20. Avaliação dos Riscos do Pregão Eletrônico: uma abordagem pela Teoria da Nova Economia Institucional

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Evandro Rodrigues de Faria

    2013-12-01

    Full Text Available http://dx.doi.org/10.5007/2175-8077.2013v15n37p211A pesquisa investigou os fatores de riscos potencializados pela utilização do pregão eletrônico. Como fundamentação teórica foram utilizados os princípios da Teoria dos Custos de Transação (ECT. Foi realizada pesquisa exploratória e descritiva, com abordagem quantitativa, com o objetivo de classificar as empresas fornecedoras da União de acordo com o grau de risco apresentado aos contratos de fornecimento. Foram elaborados constructos de acordo com os princípios da ECT sendo validados pelo Alfa de Cronbach. Posteriormente foram realizadas análises fatoriais e de cluster. Através das análises realizadas foi possível classificar os fornecedores em três grupos: alto risco, baixo risco e risco moderado. Através dos resultados, conclui-se que os Órgãos Públicos devem criar salvaguardas contra atitudes oportunistas. Por isso é importante a especificação correta dos produtos para não dar margem para a cotação de produtos de qualidade inferior, e também que sejam aplicadas, aos fornecedores oportunistas, as sanções previstas na lei.

  1. Atividades do enfermeiro nos sistemas de triagem/classificação de risco nos serviços de urgência: revisão integrativa Revisión integrativa sobre las actividades del enfermero en los sistemas de clasificación de riesgo en servicios de urgencia Activities of the nurse involved in triage/risk classification assessment in emergency services: an integrative review

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aline Marques Acosta

    2012-12-01

    Full Text Available Objetivou-se identificar e avaliar as evidências disponíveis na literatura sobre as atividades do enfermeiro na classificação de risco nos serviços de urgência. Realizou-se uma revisão integrativa, com busca nas bases de dados Science Direct, Cumulative Index to Nursing and Allied Health Literature (CINAHL, Medical Literature Analysis and Retrievel System Online (MEDLINE, Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde (LILACS e Scientific Electronic Library Online (SCIELO. Foram selecionados 22 artigos que atenderam aos critérios de inclusão. Os resultados evidenciaram que as principais atribuições deste profissional são a avaliação do estado de saúde do usuário e a tomada de decisão, processo que necessita de conhecimento clínico e de tempo de experiência. O enfermeiro tem a capacidade de organizar o fluxo dos usuários conforme a prioridade do atendimento e a demanda dos serviços, sendo um profissional de excelência na execução da triagem/classificação de risco nos serviços de urgência.Se objetivó identificar y evaluar la evidencia disponible en la literatura sobre las actividades de enfermeros en sistemas de clasificación de riesgo en servicios de urgencia. Se realizó revisión integradora, con búsqueda en las bases Science Direct, Cumulative Índex to Nursing and Allied Health Literature (CINAHL, Medical Literature Analysis and Retrievel Sistem Online (MEDLINE, Literatura Latinoamericana y del Caribe en Ciencias de la Salud (LILACS y Scientific Electronic Library Online (SCIELO. Se seleccionaron 22 artículos que cumplieron los criterios de inclusión. Los resultados evidenciaron que las principales atribuciones del profesional son la evaluación del estado de salud del paciente y la toma de decisiones, proceso que necesita conocimiento clínico y tiempo de experiencia. El enfermero tiene la capacidad de organizar el flujo de usuarios de acuerdo con la atención prioritaria y la demanda de

  2. SOCIEDADE DE RISCO E A PROTEÇÃO JURÍDICO-PENAL DO MEIO AMBIENTE: UM DESAFIO DA PÓS-MODERNIDADE.

    OpenAIRE

    2014-01-01

    O debate atual sobre a Sociedade de Risco ocorrido nas últimas décadas no mundo contemporâneo tem-se operado seguindo um movimento que tende a diluir paradigmas tradicionais das instituições nos últimos dois séculos: ciência, política e economia. Na sociedade de risco, preponderam as incertezas científicas, o medo, os riscos desconhecidos em meio à complexidade social, à crise do Estado Nação, e no sistema jurídico, a crise do paradigma positivista coloca em cheque a eficácia d...

  3. Análise das importações brasileiras como fatores de risco de difusão da encefalopatia espongiforme bovina no país

    OpenAIRE

    Rodrigues,D.L.; I.R. Barros Filho; Warth,J.F.G.; Ollhoff,R.D

    2013-01-01

    Nesta pesquisa são apresentadas e analisadas as importações brasileiras de bovinos e seus produtos derivados que representam risco para a Encefalopatia Espongiforme Bovina (EEB) reali-zadas no período de 2002 a 2009, conforme protocolo da Organização Mundial da Saúde Animal (OIE), no intuito de identificar riscos potenciais nas mercadorias internalizadas. Para tanto, foram utilizados os dados de tipo, volume e origem das importações, taxas de incidência e classificação de risco da EEB dos paí...

  4. Treinamento resistido reduz riscos cardiovasculares em idosas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luís Ângelo Macêdo Santiago

    2015-08-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: O envelhecimento humano aliado ao estilo de vida sedentário é marcado por alterações metabólicas com modificação na composição corporal, que repercutem diretamente na proteína C-reativa (PCR, sendo este um importante marcador de risco de doenças cardiovasculares (DCV. O treinamento resistido (TR é um método muito utilizado na prevenção de doenças associadas ao envelhecimento. Objetivo: Avaliar os efeitos de oito semanas de TR sobre a composição corporal, força muscular e PCR em um grupo de idosas.MÉTODO: Foi realizado um estudo experimental com 10 idosas (63 ± 2 anos de idade. Para o ensaio de PCR, análises bioquímicas de hemograma e lipidograma completos foram coletadas amostras de sangue venoso periférico antes do exercício e 24 horas depois. Para medidas antropométricas calcularam-se índice de massa corporal (IMC, relação cintura/quadril (RCQ e composição corporal. O TR foi realizado por Série Combinada - Bi-Set. Para a análise estatística, primeiramente foi realizado o teste de normalidade de Shapiro-Wilk (p > 0,05 para testes paramétricos. As variáveis do grupo foram apresentadas como média e desvio padrão. Para variáveis de PCR, antropométricas, composição corporal e perfil lipídico foram realizados o teste t de Student,tanto anterior quanto posteriormente às oito semanas de treinamento. Para as amostras da evolução das cargas e médias do consumo alimentar foi realizado o teste One Way ANOVA e, quando necessário, o teste post hoc de Tukey. O nível de significância adotado foi de p ≤ 0,05.RESULTADOS: Houve redução estatisticamente significativa (p = 0,02 para as concentrações séricas de PCR, o que significa uma redução de 70,96%, além de diminuir a massa gorda e aumentar a massa magra e a carga de treino após oito semanas.CONCLUSÃO: Oito semanas de TR reduziram as concentrações séricas de proteína C-reativa, assim como diminuíram a massa gorda e aumentaram o

  5. Risco crescente de melanoma de pele no Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Guinar Azevedo e Silva Mendonça

    1992-08-01

    Full Text Available A ocorrência de melonoma maligno de pele no Brasil é analisada a partir dos dados de mortalidade disponíveis no Ministério da Saúde e dos dados de incidência dos seis Registros de Câncer de Base Populacional, localizados em seis capitais brasileiras. Os coeficientes de incidência nessas capitais situam-se em padrões intermediários se comparadas às cifras mundiais. Para o Município de Porto Alegre, uma das capitais estudas, que apresentou os maiores coeficientes de incidência, é feita comparação entre os dados relativos ao período 1979-1982 e 1987, constatando-se que houve aumento relativo de 38% entre homens e de 11% entre mulheres. Concluiu-se pela necessidade de se conduzir estudos no Brasil entre comunidades de indivíduos de pele clara, os quais apresentam risco potencializado para o desenvolvimento de melanoma, para que sejam definidas medidas específicas e eficazes de controle.

  6. RISCO INVISÍVEL: TRABALHO E SUBJETIVIDADE NO SETOR ELÉTRICO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Julice Salvagni

    Full Text Available Resumo Este estudo se origina de uma pesquisa que abordou a noção de risco no trabalho no setor elétrico. O termo “risco invisível” surgiu do discurso dos trabalhadores do setor, referindo-se à eletricidade que não pode ser vista, mas oferece riscos específicos. Dá-se ênfase a uma análise da noção de risco, enquanto fenômeno da modernidade, mas passando também pela discussão da confiança básica e da segurança ontológica. Ao relacionar esse marco teórico com a realidade do trabalho no setor elétrico, entra em cena o articulador teórico dos mecanismos de defesa, através da psicodinâmica do trabalho. Do ponto de vista político, é importante refletir sobre a realidade da segurança no âmbito das relações de trabalho, já que os trabalhadores são expostos a riscos específicos em cada atividade. A reflexão teórica e observação empírica constante são um caminho para pensar intervenções no âmbito da dimensão sociopsicológica do risco no trabalho.

  7. GERENCIAMENTO DE RISCOS NA CADEIA DE SUPRIMENTOS DE MICRO E PEQUENAS EMPRESAS TÊXTEIS: DISCUSSÃO EXPLORATÓRIA SOBRE OPORTUNIDADES DE PESQUISA

    OpenAIRE

    Fernandes, Francisco Carlos; Wrubel, Franciele; Dallabona, Lara Fabiana

    2015-01-01

    O estudo objetiva identificar e analisar os riscos e mecanismos de gerenciamento de riscos inerentes à cadeia de suprimentos e logística de micro e pequenas empresas sediadas em Blumenau-SC, além de proporcionar discussão exploratória sobre oportunidades de pesquisas. Para tanto, desenvolveu-se pesquisa exploratória e qualitativa com aplicação de entrevista semiestruturada. A entrevista foi elaborada utilizando o COSO, estudos relacionados e estudos multicasos. Os resultados demonstram que os...

  8. Análise dos fatores de riscos ocupacionais do trabalho de enfermagem sob a ótica dos enfermeiros

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nei Santos Duarte

    Full Text Available Estudo com abordagem quantitativa e descritiva, com objetivo de identificar, na percepção dos enfermeiros chefes de unidades de internação de um hospital universitário, os riscos ocupacionais a que estão expostos. A população foi composta de 30 enfermeiros, chefes de unidade de internação. Na coleta de dados, utilizou-se um questionário estruturado proposto no Guia de Avaliação de Riscos nos Locais de Trabalho de Boix e Vogel (1997, adaptado para a aplicação em estabelecimentos de saúde por Mauro (2001. Os resultados evidenciaram que os fatores de riscos atuam sobre os trabalhadores, propiciando um ambiente desfavorável para a realização das atividades, podendo comprometer a saúde e a vida profissional destes. As variáveis predominantes foram o ambiente e a manutenção preventiva inadequados e os equipamentos de proteção individual e coletiva insuficientes e/ou inadequadamente utilizados pelos profissionais, constrangimentos ergonômicos pela manipulação de carga e postura corporal inadequadas na realização das tarefas, e ritmo de trabalho acelerado pela falta de recursos material e humano. Ressalta-se que a pesquisa proporcionou um diagnóstico referente aos riscos presentes nos ambientes de trabalho da enfermagem, proporcionando um modo operatório eficaz com menor risco de acidentes no processo de trabalho, ambientes menos insalubres e maior satisfação para o profissional e os clientes.

  9. Behavior, knowledge and perception of risks about sexually transmitted diseases in a group of people over 50 years old Comportamiento, conocimiento y percepción de riesgo sobre enfermedades sexualmente transmisibles en un grupo de personas con 50 o más años de edad Comportamento, conhecimento e percepção de risco sobre doenças sexualmente transmissíveis em um grupo de pessoas com 50 anos e mais de idade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Magali Olivi

    2008-08-01

    Full Text Available The goal was to analyze the behavior, knowledge and risk perception about sexually transmitted diseases / AIDS (STD/AIDS in people over 50 years old. 165 public servants at a State Secretary in Mato Grosso, Brazil were interviewed. The chi-square test and logistic regression tests were used for the analysis of risk perception and the behavior and knowledge variables about STD/AIDS. Most of the respondents were female (60.6%, 63.2 had a fixed partner, 72.4% had sexual relations in the past six months, and only 13.3% always wore condoms, with 21.5% being male and 8% female. Perception of risk was associated with non-use of condoms in their last sexual relation (pEl objetivo fue analizar aspectos de comportamiento, conocimiento y percepción de riesgo de las ETS/SIDA, en personas con 50 o más años de edad. Se entrevistaron 165 servidores de una Secretaría del estado de Mato Groso, Brasil. Se utilizó una prueba de Chi cuadrado y de regresión logística para analizar la percepción de riesgo y las variables de comportamiento y conocimiento sobre las ETS/SIDA. La mayoría de los entrevistados era del sexo femenino (60,6%; para el comportamiento un 63,2 % tenía pareja fija y un 72,4 % tuvo relación sexual en los últimos 6 meses; apenas el 13,3 % utiliza siempre preservativo, el 21,5 % de los hombres y el 8 % de las mujeres. Se demostró que existe una asociación entre la percepción de riesgo y el uso de preservativo en la última relación sexual (p Objetivou-se analisar o comportamento, conhecimento e percepção de risco às doenças sexualmente transmissíveis/AIDS (DST/AIDS em pessoas com 50 anos e mais de idade. Foram entrevistados 165 servidores de uma secretaria estadual de Mato Grosso, Brasil. Utilizou-se o teste de qui-quadrado e regressão logística para análise da percepção do risco e variáveis do comportamento e conhecimento sobre DST/AIDS. A maioria dos entrevistados é do sexo feminino (60,6%, 63,2% tem parceiro fixo e 72

  10. Caracterização de família de mãe com deficiência intelectual e os efeitos no desenvolvimento dos filhos Characterization of families of mothers with intellectual disabilities and the effects on the children's development

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lidia Maria Marson Postalli

    2011-04-01

    Full Text Available A maneira como os pais educam seus filhos parece ser crucial para a promoção de comportamentos adequados, porém, a maioria das famílias pode encontrar dificuldades em educar seus filhos. Famílias com mãe com deficiência intelectual podem apresentar risco para o desenvolvimento de crianças. Estudos com objetivo diagnosticar, descrever e intervir, capacitando essas mães com a finalidade de minimizar esses riscos, são importantes e necessários. O objetivo do presente estudo foi descrever uma família em que havia a suspeita de mãe com deficiência intelectual, seus estressores e alguns efeitos desses múltiplos estressores no desenvolvimento das crianças e na adesão aos programas de intervenção. Participou do estudo uma família que foi acompanhada durante quatro anos e cujos filhos foram avaliados durante esse período em relação ao desenvolvimento. Também foram realizadas avaliações da deficiência da mãe e orientações para toda família. O trabalho com a família desenvolveu-se via visitas domiciliares semanais de uma hora e meia de duração. Os achados do estudo confirmam os da literatura de que as crianças apresentam um desenvolvimento abaixo do indicado para sua idade. Além disso, havia a presença de outros fatores de risco, como, pobreza, baixa escolaridade dos pais, violência intrafamiliar, alcoolismo o que acarretava no agravamento dos problemas (crônicos. Dessa forma, o trabalho destaca a importância de se cuidar dessa população e dirigir políticas públicas para minimizar os efeitos de tal situação.The way in which parents educate their children seems to be crucial to promoting appropriate behaviors, but most families find it difficult to educate their children. Families of parents with intellectual disability can be at risk for the children's development. Studies that aim to diagnose, describe and intervene, while empowering these mothers in order to minimize these risks, are important and necessary

  11. A obesidade e sua associação com os demais fatores de risco cardiovascular em escolares de Itapetininga, Brasil La obesidad y su asociación con los demás factores de riesgo cardiovascular en escolares de Itapetininga, Brasil Obesity and its association with other cardiovascular risk factors in school children in Itapetininga, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Abel Pereira

    2009-09-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A escassez de dados sobre a obesidade infantil e o risco cardiovascular no Brasil. OBJETIVO: Determinar a prevalência de hipertensão, dislipidemia, obesidade e suas correlações em uma amostra de escolares de Itapetininga-SP. MÉTODOS: Corte transversal com coleta sistematizada de dados antropométricos (peso, altura, cintura, índice de massa corporal e níveis pressóricos e dosagens de glicose, colesterol (total e frações, ácido úrico e apolipoproteina A e B, em uma amostra aleatória, representativa de escolares da rede pública de Itapetininga-SP. Análise dos dados utilizando parâmetros populacionais das curvas do NCHS(2000, categorias de pressão arterial do NHBPEP(2004 e categorias dos níveis séricos de colesterol propostos pela AHA para crianças e adolescentes(2003. RESULTADOS: Um total de 494 crianças e adolescentes participaram do estudo. Dos participantes, 11,7% apresentaram HAS, 51% apresentaram aumento do colesterol total, 40,5% apresentaram aumento do LDL-colesterol, 8,5% apresentaram aumento dos triglicérides e 6,1% tiveram valores baixos de HDL-colesterol. As médias (±desvio padrão do CT, HDL-colesterol, LDL-colesterol e triglicérides foram respectivamente 172,1(27,9, 48,1(10,0, 105,7(23,1 e 90,9(43,8. A obesidade e o sobrepeso foram detectados em 12,8% e 9,7% da amostra, sendo que a obesidade determinou uma maior chance de se detectar a dislipidemia e a hipertensão quando comparada com os demais grupos. CONCLUSÃO: Este estudo fornece subsídios para a hipótese de uma distinta prevalência de excesso de peso entre escolares da rede pública das regiões nordeste e sudeste, maior nesta última. Adicionalmente, demonstra uma associação da obesidade com a dislipidemia e a hipertensão naquele grupo. Diante da incipiência de dados no Brasil sobre a questão estudada, o nosso trabalho fornece dados importantes para futuras comparações.FUNDAMENTO: La escasez de datos sobre la obesidad infantil y el

  12. Risco de adoecimento dos profissionais de enfermagem no trabalho em atendimento móvel de urgência

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabiana Adol Worm

    2016-07-01

    Full Text Available Introdução: O trabalho dos profissionais de enfermagem do Serviço de Atendimento Móvel é de extremo risco ao adoecimento, por contaminação com fluídos, perfuro cortantes, risco no trânsito, ergonômicos, violência, físico e psicológico. Este estudo objetivou mapear os fatores de risco ao adoecimento relacionado ao trabalho dos profissionais de Enfermagem da Equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência Materiais e Métodos: Foi realizado um estudo transversal, através de um instrumento validado (Inventário sobre Trabalho e Riscos de Adoecimento. A amostra foi composta por 18 indivíduos maiores de 18 anos, técnicos de enfermagem e enfermeiros atuantes no atendimento móvel. Excluíram-se profissionais em férias e os ausentes. Resultados: Na avaliação do contexto de trabalho, a organização do trabalho foi apontada como crítica. Os Indicadores Prazer e Sofrimento no Trabalho apontaram liberdade de expressão dos profissionais, por outro lado há falta de reconhecimento e esgotamento profissional.  Para a avaliação dos danos relacionados ao trabalho destacam-se os danos físicos. Discussão: Na avaliação crítica, os profissionais sinalizaram que estão insatisfeitos com a “organização do trabalho”. Quanto ao prazer e sofrimento destacou-se o “esgotamento profissional” e a “falta de reconhecimento”. Os danos físicos evidenciados estiveram relacionados ao trabalho. Conclusões: Os resultados mostram que a equipe de enfermagem do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência apresenta riscos de adoecimento, principalmente relacionado ao fator físico e psicológico. É necessário rever as condições de trabalho destes profissionais, buscando a melhoria do local de trabalho. O risco ao adoecimento traz prejuízos no trabalho e na vida do profissional. Cómo citar este artículo: Worm FA, Pinto MA, Schiavenato D, Ascari RA, Trindade L, Silva OM. Risco de adoecimento dos profissionais de enfermagem no

  13. Direito e Risco: do Consumo ao Ambiente

    OpenAIRE

    Marques, Carlos Alexandre Michaello

    2014-01-01

    A presente Dissertação tem como tema de investigação “Direito e Risco: do Consumo ao Ambiente”. Para tanto, essa temática foi delimitada através da investigação sobre a capacidade do Direito a partir de uma leitura Sociológica e Antropológica de compreender e promover aprendizagem nas questões que envolvem o Risco como elemento decorrente do Consumo e que externa suas consequências ao Ambiente. Neste sentido, se direcionou a responder ao problema de saber: em que medida é possível e necessári...

  14. Alterações eletrocardiográficas e sua relação com os fatores de risco para doença isquêmica do coração em população da área metropolitana de São Paulo Electrocardiographic abnormalities and cardiovascular risk factors for ischemic heart disease in an adult population from São Paulo, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    ELISABETH CARDOSO

    2002-09-01

    Full Text Available OBJETIVO: A doença isquêmica do coração apresenta altas taxas de mortalidade e é a mais prevalente entre as doenças cardiovasculares. É uma doença multifatorial, cuja prevenção depende do controle dos fatores de risco. O eletrocardiograma de repouso pode ser utilizado para detectar manifestações da doença isquêmica do coração quando o indivíduo ainda é assintomático. O objetivo do estudo foi o de analisar a relação entre as anormalidades eletrocardiográficas e os fatores de risco para doença isquêmica do coração em uma população adulta residente na área metropolitana de São Paulo. MÉTODOS: Realizou-se um estudo transversal com população do município de Cotia (SP. A amostra constou de 1067 indivíduos com idade acima de 20 anos, de ambos os sexos. Os dados foram obtidos por meio de entrevista com utilização de um questionário padronizado. As variáveis estudadas foram: sexo, idade, tabagismo, atividade física, índice de massa corpórea, relação cintura/quadril, pressão arterial, diabetes melito, dislipidemia (colesterol total, LDL-colesterol, HDL-colesterol e triglicérides e alterações eletrocardiográficas. As alterações eletrocardiográficas foram agrupadas em três categorias: alterações de repolarização ventricular (ARV, sobrecarga do ventrículo esquerdo (SVE e alterações não relacionadas à isquemia miocárdia ou sem alterações (NRI. RESULTADOS: A população de estudo era predominantemente jovem, sendo 79% abaixo de 50 anos, com idade de 39,8 anos ± 13,2 anos. Cerca de 59,3% dos indivíduos eram do sexo feminino. O eletrocardiograma mostrou que 9,5% da população apresentava ARV e 3,3% apresentava SVE. O sexo feminino, a idade de risco (acima de 65 anos para mulheres e acima de 55 anos para homens, a presença de diabetes, hipertensão arterial, colesterol total ³ a 200 mg/dl, LDL-colesterol ³ a 130 mg/dl, triglicérides acima de 200 mg/dl, índice de massa corpórea indicativo de

  15. Risco potencial do uso de medicamentos durante a gravidez e a lactação

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alinne Souza RIBEIRO, Melquesedec Vieira SILVA, Priscilla Gomes GUERRA, Ketene Werneck SAICK, Michele Pereira ULIANA, Ricardo LOSS

    2013-12-01

    Full Text Available O uso de medicamentos na gestação e lactação sempre representou um desafio para os profissionais de saúde, uma vez que implica ação potencialmente danosa não apenas para a mulher, mas também para o concepto. A maioria dos fármacos administrados às mulheres grávidas atravessa a barreira placentária e expõe o embrião em desenvolvimento a seus efeitos farmacológicos, nas lactentes, podendo ocorrer a sua transferência para o leite materno. O objetivo do trabalho foi de analisar os riscos potenciais às mulheres, causados pela utilização dos fármacos comumente dispensados na cidade de Aimorés (MG, caso estes viessem a ser administrados em período de gestação e amamentação. Foram avaliados 21 medicamentos selecionados na cidade de Aimorés, tendo como base os mais dispensados entre as mulheres, identificados por meio de farmacêuticos de 10 farmácias municipais. Os medicamentos foram classificados de acordo com a categoria de risco da FDA (Food and Drug Administration. Dos fármacos estudados, 4,76% se enquadrou na categoria de risco A da FDA, na categoria B, 23,8%. Na C, 47,61% podem apresentar efeitos teratogênicos ou tóxicos para os embriões, enquanto na D foram identificados 19,04% fármacos que evidencia risco para os fetos humanos. Na categoria X, apenas 4,76% dos fármacos foram identificados. Observou-se que a maioria dos fármacos representa um risco considerável para o feto e o lactente caso a mãe utilize esses medicamentos durante o período de gestação e lactação. Constatou-se que o uso deve ser melhor monitorado pelos prescritores e a presença da intervenção farmacêutica na dispensação é de suma importância.

  16. Comunicação de riscos tecnológicos ambientais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Carlos de Martini Júnior

    1995-12-01

    Full Text Available O crescente interesse público pelos riscos de impactos ambientais negativos provocados por resíduos industriais tornou a Comunicação de Risco um elemento decisivo no gerenciamento da atividade industrial, sendo importante o reconhecimento do contexto social que envolve o uso de uma tecnologia e a percepção do risco desta tecnologia nas relações sociais. O trabalho apresenta a evolução do processo de planejamento estratégico da Comunicação de Risco e indica as ações que estimulam a interação entre os segmentos impactados por incidentes catastróficos em indústrias químicas.The growing public interest in negative environmental impact risks caused by industrial waste has turned Risk Communication into a decisive element to industrial management. So, that has become important to recognize the social context which involves the use of a technology and the public perception of the risk. This paper presents the process evolution of strategical planning of Risk Communication and indicates the actions which stimulate the interaction between the segments affected by catastrophic incidents in the chemical industry.

  17. Avaliação dos fatores de risco e proteção associados à elevação da pressão arterial em crianças Evaluación de los factores de riesgo y protección asociados a la elevación de la presión arterial en niños Evaluation of risk and protection factors associated with high blood pressure in children

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alessandra Vitorino Naghettini

    2010-04-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Estudos epidemiológicos têm mostrado um aumento da prevalência da hipertensão arterial na faixa etária pediátrica. Hoje se sabe que os fatores de risco poderiam ter sido detectados na infância, o que auxiliaria na prevenção da doença. OBJETIVO: Avaliar fatores de risco e de proteção relacionados à elevação da pressão arterial na infância. MÉTODOS: Foram avaliadas crianças de 3 a 10 anos moradoras dos distritos sanitários leste e sudoeste de Goiânia, Goiás. Obtiveram-se os seguintes dados: peso ao nascer, aleitamento materno, história familiar de hipertensão e obesidade, peso, estatura, índice de massa corporal (IMC e pressão arterial. Utilizaram-se os testes de U de Mann-Whitney para comparar a variação da pressão arterial quanto às variáveis descritas. RESULTADOS: Na amostra estudada, 519 crianças foram avaliadas, 246 (47,4% do sexo masculino. Avaliação do IMC identificou 109 (21% com excesso de peso, das quais 53 (10,3% eram obesas. O aleitamento materno predominante e/ou exclusivo por tempo inferior a 6 meses foi encontrado em 242 (51,2%. As médias da pressão sistólica se encontraram significativamente mais elevadas naquelas crianças com aleitamento materno exclusivo e/ou predominante por tempo inferior a 6 meses (p = 0,04, história familiar positiva para hipertensão (p = 0,05 e excesso de peso (p FUNDAMENTO: Estudios epidemiológicos vienen expresando un aumento de la prevalencia de la hipertensión arterial en el grupo de edad pediátrico. Se sabe hoy que los factores de riesgo pudieran haber sido detectados en la niñez, lo que ayudaría en la prevención de la enfermedad. OBJETIVO: Evaluar factores de riesgo y de protección relacionados a la elevación de la presión arterial en la niñez. MÉTODOS: Se evaluaron a niños de 3 a 10 años, vecinos de los distritos sanitarios este y sudoeste de Goiânia, Goiás. Se obtuvieron los siguientes datos: peso al nacer, lactancia materna, historia

  18. FATORES DE RISCO PARA O LUPUS ERITEMATOSO SISTÊMICO: REVISÃO DA LITERATURA

    OpenAIRE

    Eliana Regina Pezzole; Gleidson Brandão Oselame

    2014-01-01

    O Lúpus Eritematoso Sistêmico (LES) é uma doença autoimune, inflamatória, que atinge órgãos e tecidos, sendo dez vezes mais comum em mulheres. Desta forma, este estudo teve como objetivo descrever os fatores de risco que atuam na gênese do LES. Realizou-se um estudo de revisão entre os dias 18 e 23 de fevereiro de 2013 na base de dados do Scientific Electronic Library Online (SciELO) e pelo buscador Google Acadêmico. Foram utilizados os descritores ‘’Lupus’’ and ‘’fator’’ and “risco’’. Os res...

  19. Derivativos cambiais do mercado brasileiro: precificação e administração de riscos

    OpenAIRE

    França, Daniel Mussi

    2010-01-01

    Trabalho sobre precificação e administração de riscos de derivativos cambiais do mercado brasileiro. O objetivo dessa dissertação é apresentar uma documentação detalhada sobre a precificação e administração de riscos dos principais derivativos cambiais negociados no mercado brasileiro. Serão abordadas algumas particularidades desse mercado e serão propostos alguns ajustes à literatura tradicional visando fornecer uma modelagem que seja capaz de quantificar e qualificar corretamente os ...

  20. Environmental risk factors associated with tooth decay in children: a review of four studies in Indonesia Riesgos ambientales asociados con la caries dental en niños: una revisión de cuatro estudios en Indonesia Fatores de risco ambientais associados à cárie dentária nas crianças: uma revisão de quatro estudos na Indonésia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sri S. Winanto

    2013-06-01

    deficiente, sino que también refleja las condiciones ambientales.Há uma crescente preocupação com o estudo dos impactos do ambiente na saúde humana. Entre a população do mundo, as crianças são particularmente vulneráveis às ameaças ambientais.Atualmente, em algumas áreas da Indonésia, existem problemas significativos com a qualidade da água, especialmente devido ao uso de muitas águas superficiais para consumo humano. Há evidência de que isto contribui para o processo de cárie dentária. Além disso, os dentes fornecem um excelente registo cronológico do estado nutricional e indicação da exposição a metais durante o desenvolvimento humano.Este artigo fornece uma visão geral dos fatores de risco para a cárie dentária e as revisões de quatro estudos epidemiológicos e laboratoriais que abordaram este assunto na Indonésia. Primeiro estudo: Winanto em 1993 mostrou que a acidez e concentrações elevadas de estanho (Sn na água para consumo humano estão associadas com a erosão dos dentes permanentes em crianças que vivem perto de uma exploração mineira de estanho. Segundo estudo: Wulandari em 2009, recorrendo à espectrometria de absorção atômica com forno de grafite (GFAAS, mostrou que dentes decíduos que contenham uma alta concentração de chumbo (Pb têm três vezes maior risco de contrair cárie. Terceiro estudo: Satrio em 2010, comparou o estado dos dentes entre as crianças que consumiam água da chuva e as crianças que consumiam água de outras origens. Este revelou que a baixa concentração de fluor na água contribui para aumentar 19 vezes o risco de cáries e que o consumo de água com pH baixo aumenta 22 vezes o risco de cárie quando comparado com o consumo de água com pH neutro. Quarto estudo: Musadad em 2009, realizou um estudo ecológico sobre o efeito da qualidade da água potável em relação à cárie dentária e revelou associação significativa com a acidez, a quantidade de água consumida, a despesa das famílias e

  1. Diferenças no padrão de ocorrência da mortalidade neonatal e pós-neonatal no Município de Goiânia, Brasil, 1992-1996: análise espacial para identificação das áreas de risco Differential patterns of neonatal and post-neonatal mortality rates in Goiânia, Brazil, 1992-1996: use of spatial analysis to identify high-risk areas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Otaliba Libânio de Morais Neto

    2001-10-01

    Full Text Available Este artigo refere-se à pesquisa acerca do padrão espacial dos componentes neonatal e pós-neonatal da mortalidade infantil em Goiânia, no Estado de Goiás, Brasil. A população do estudo foi a coorte de 101 mil nascidos vivos, residentes em Goiânia, de 1992 a 1996. As probabilidades de morte infantil foram estimadas mediante o cotejo dos arquivos de óbitos e de nascidos vivos. Para minimizar as flutuações aleatórias das taxas, empregou-se o método Bayesiano empírico. A unidade de análise do padrão espacial foi constituída pelos 65 distritos urbanos de planejamento. Para análise de autocorrelação espacial foram utilizados: Moran "global", Moran local e estatística Gi* local. Os componentes neonatal e pós-neonatal da mortalidade infantil evidenciaram autocorrelação espacial estatisticamente significativa. No período pós-neonatal, os distritos de risco concentram-se nas regiões periféricas do município. No período neonatal, o padrão de ocorrência é heterogêneo, havendo distritos de alto risco distribuídos em todas as regiões, inclusive na região Central de Goiânia.The aim of this study was to investigate the spatial pattern of neonatal and post-neonatal mortality in the city of Goiânia, Central Brazil. Analyses were based on linked birth and death certificates relating to 101,000 in-hospital live births from mothers residing in the city of Goiânia over the 1992-1996 period. Overall neonatal and post-neonatal mortality probabilities were calculated using the linked database. The empirical Bayes method was applied to smooth the estimated rates and minimize random fluctuation. Spatial units of analysis were 65 urban districts, corresponding to the urban planning sectors. The following exploratory spatial analyses were applied: "global" Moran's I statistic, local Moran LISA map, and Gi* local statistics. For both neonatal and post-neonatal mortality there was statistically significant spatial autocorrelation

  2. Comportamento suicida: fatores de risco e intervenções preventivas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kelly Piacheski de Abreu

    2010-03-01

    Full Text Available As taxas de suicídio evidenciam um problema de saúde pública, e ações preventivas são necessárias. O objetivo deste artigo de atualização é discorrer sobre fatores de risco para o comportamento suicida e as possíveis intervenções utilizadas para sua prevenção na atenção primária à saúde. Os fatores de risco mais importantes para comportamento suicida são: transtornos mentais, antecedentes familiares, sexo, idade, relações familiares, abuso de substâncias,problemas físicos e situação social desfavorável. Considerando que os usuários com comportamento suicida tendem a procurar auxílio nos serviços de atenção primária antes de morrer, é possível identificar a presença desse comportamento. O foco de implementação do cuidado deve ser direcionado àqueles que se enquadram em situaçõesde agravos que predisponham às tentativas de suicídio. Por isso, o conhecimento dos fatores de risco e intervenções preventivas para o comportamento suicida pode trazer benefícios para a comunidade e profissionais de saúde, garantindo um cuidado seguro e tecnicamente orientado. Para isso é necessária a sensibilização dos profissionais de saúde para o uso de tecnologias relacionais, bem como estratégias de acolhimento e vínculo para a identificação dos fatores de risco, bem como a estruturação de ações em saúde mental para serem desenvolvidas com suas comunidades e escolas.

  3. Estimativa do risco para diabetes mellitus tipo 2 em bancários da cidade de Tubarão, estado de Santa Catarina, Brasil = Assessing the risk for type 2 diabetes mellitus in bank employees from the city of Tubarao, Santa Catarina state, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bittencourt, Amanda

    2013-01-01

    Conclusões: Os bancários da cidade de Tubarão apresentam risco de desenvolver diabetes mellitus tipo 2 em 10 anos e esse risco tende a aumentar quanto maior o tempo nesta profissão. Medidas preventivas são necessárias para melhora da qualidade de vida desses funcionários, bem como redução do risco de desenvolvimento de diabetes mellitus tipo 2

  4. Estrias de distensão na gravidez: fatores de risco em primíparas

    OpenAIRE

    Maia, Marcus; Marçon, Carolina Reato; Rodrigues,Sarita Bartholomei; AOKI, Tsutomu

    2009-01-01

    FUNDAMENTOS: Estrias ocorrem em mais de 70% das gestantes. Elas tendem a se desenvolver a partir da 25ª semana gestacional. Apesar de sua etiologia não ser bem compreendida, aceita-se que a combinação de fatores genéticos com alterações endócrinas e estiramento mecânico da pele tem papel significante. Em função dos diferentes resultados encontrados na literatura, os autores avaliaram os fatores de risco comumente citados com o objetivo de determinar se estão associados com a ocorrência de est...

  5. Risco biológico para o circulante de sala operatória

    OpenAIRE

    ALMEIDA, André Nunes Gomes de

    2009-01-01

    Os trabalhadores da enfermagem, durante suas atividades laborais no Centro Cirúrgico (CC), estão expostos aos diferentes riscos ocupacionais, dentre eles o biológico. Os objetivos deste estudo foram: caracterizar pontos vulneráveis para acidentes com material biológico para o circulante de Sala Operatória (SO), no período trans-operatório e preparo da sala de operação; identificar a adoção de medidas de Precaução Padrão; identificar a ocorrência de acidentes com material biológico e estabelec...

  6. Proposição de um modelo para análise dos fatores de risco em projetos de implantação da metodologia lean

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jonatas Ost Scherer Ost Scherer

    2013-01-01

    Full Text Available A gestão dos riscos envolvidos em projetos de implantação da metodologia lean é importante para reverter o baixo percentual de sucesso encontrado em tais projetos. Este artigo apresenta três contribuições principais ao tema: (i identificação dos fatores de risco em projetos de implantação da metodologia lean; (ii levantamento da intensidade do relacionamento entre os fatores identificados; e (iii algoritmo para a estimativa da probabilidade de sucesso da implantação, considerando a condição dos fatores e intensidade do relacionamento entre eles. O modelo proposto foi baseado na revisão da literatura e na opinião de especialistas da academia e da indústria. Ele utiliza preceitos de confiabilidade, em que os fatores de risco são modelados como um sistema série-paralelo. O modelo, testado em três empresas, apresentou resultados coerentes com as incertezas e riscos destes projetos. Identificou também os fatores de risco críticos para o projeto, considerando a sinergia entre os fatores.

  7. Is clinical intervention in the ultra high risk phase effective? A intervenção clínica na fase de ultra alto risco é eficaz?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Philip McGuire

    2011-10-01

    ês objetivos diferentes. O primeiro é o de melhorar os sintomas e problemas "prodrômicos" que os indivíduos normalmente apresentam. O segundo é o de reduzir o risco de psicose franca subsequente. O terceiro objetivo é o de minimizar a demora antes do início do tratamento antipsicótico no subgrupo de indivíduos em UAR que evoluem para um primeiro episódio psicótico. Tanto as intervenções farmacológicas como as psicológicas parecem ser eficazes para reduzir a gravidade dos sintomas apresentados pelos indivíduos em UAR. Ensaios clínicos sobre o impacto dessas intervenções no risco de transição subsequente para psicose foram positivos, mas envolveram amostras pequenas e, dessa forma, a questão de se os efeitos persistem ou não no longo prazo ainda precisa ser resolvida. O monitoramento dos indivíduos em UAR para os primeiros sinais de psicose franca é uma forma eficaz de reduzir a demora entre o início do primeiro episódio e o começo do tratamento antipsicótico. Estudos de acompanhamento são necessários para testar se a redução desse tempo leva a um desfecho melhor no longo prazo. Até hoje, a maioria das intervenções para indivíduos em UAR, como manejo de caso, medicação antipsicótica e terapia cognitivo-comportamental, foram empregadas anteriormente em pacientes com psicose estabelecida. No entanto, é possível que tratamentos que não são normalmente utilizados para pacientes com transtornos psicóticos possam ser eficazes ao serem aplicados nesse estágio.

  8. Avaliação do risco coronariano e sua relação com as ações de saúde em hipertensos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Viviane Rassele Silva

    2014-10-01

    Full Text Available Avaliou-se o risco para desenvolvimento de eventos coronarianos agudos de acordo com os critérios de Framingham e com as ações de saúde realizadas em hipertensos de uma Unidade de Saúde da Família de Vitória-ES. Estudo observacional, de corte transversal, envolvendo 330 hipertensos. A amostra considerou prevalência do agravo de 50%. Os dados foram coletados dos prontuários e as variáveis constituíram o risco coronariano, a pressão arterial, o número de consultas, de atividades educativas e de medicamentos prescritos. Foi utilizada a ANOVA para comparar as variáveis e o teste t pareado para comparação da pressão no período estudado, com nível de significância de 5%. Respectivamente, 115 (34,8% sujeitos apresentaram baixo risco de infarto ou morte por doença coronariana nos próximos 10 anos; 67 (20,4% apresentaram médio risco; e 148 (44,8% apresentaram alto risco. Somente o quantitativo de medicamentos prescritos mostrou relação significante com o risco coronariano elevado.

  9. Uma abordagem probabilística para a avaliação de riscos em cadeias de suprimento

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kevin P McCormack

    2010-08-01

    Full Text Available Este artigo apresenta uma proposta envolvendo a aplicação do conceito de redes Bayesianas para o gerenciamento de riscos em cadeias de suprimento, especificamente no relacionamento de díades fornecedor-cliente, a partir do mapeamento de categorias de risco e de eventos correlatos. O trabalho pode ser identificado como uma tentativa de contribuição à construção de modelos preditivos que permitam dar suporte ao processo de tomada de decisão gerencial, no tocante ao gerenciamento e mitigação de riscos. No artigo, um exemplo hipotético foi desenvolvido para se ilustrar a potencialidade de aplicação de redes Bayesianas para os fins propostos. O artigo detalha, por fim, a potencialidade do modelo teórico-conceitual proposto, bem como de questões relevantes para futuras pesquisas sobre o tema.

  10. Fatores de risco associados ao desmame em crianças até seis meses de idade no município de São Paulo Factores de riesgo asociados al destete en niños hasta seis meses de edad en el municipio de São Paulo Risk factors associated to weaning from breastfeeding until six months of age in São Paulo city

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cléa Rodrigues Leone

    2012-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar os fatores de risco associados à ausência de aleitamento materno exclusivo (AME em crianças OBJETIVO: Evaluar los factores de riesgo asociados a la ausencia de lactancia materna exclusiva (LME en niños con OBJECTIVE: To evaluate risk factors associated to interruption of exclusive breastfeeding among children <6 months of age in São Paulo city in 2008. METHODS: A special questionnaire (Breastfeeding and Cities Project-1998 was applied to the parents/guardians of children <6 months of age during the National Poliomyelitis Campaign. Sample calculation used a two stage cluster sampling procedure. The following groups were compared: I (children exclusively breastfed; II (children without exclusive breastfeeding. Factors analyzed: mother's age and schooling, infant birth weight, gender, type of delivery, being born in a Baby-Friendly Hospital, presence of early breastfeeding, use of pacifier in the last 24 hours, and mother working outside home. Statistical analysis included binary logistic regression by SPSS 15.0, being significant p<0.05. RESULTS: 724 interviews were performed with 275 (39.1% children in Group I and 429 (60.9% in Group II. Differences between groups were found on: use of pacifier in the last 24 hours (GI 32.3 vs. GII59.8%; p<0.0001, mothers working outside home (GI 12.4 vs. GII 24.8%; p=0.0002 and child's age(GI 74.1±45.3 vs. GII105.8±49.5 days; p<0.0001. Multivariate analysis showed significant association of non-exclusive breastfeeding in this sample with use of pacifier in the last 24 hours (OR 3.02; 95%CI 2.10-4.36; mother working outside home (OR 2.11; 95%CI 1.24-3.57, and child's age (OR 1.01, 95%CI 1.01-1.02. CONCLUSIONS: In this population under six months of age, the use of pacifier in the last 24 hours was associated with not being exclusively breastfed, as well as mother work outside home and child's age. These are important factors to consider in breastfeeding promotion programs.

  11. Consumo de alcool e risco para doenca coronariana na regiao metropolitana de Sao Paulo: uma analise do Projeto GENACIS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Cristina Pereira Lima

    2013-03-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Examinar a associação entre consumo de álcool e risco para doença coronariana em amostra populacional. MÉTODOS: Estudo transversal, de base populacional, conduzido de janeiro/2006 a junho/2007, na região metropolitana de São Paulo, como parte do estudo internacional (Gender, Alcohol, and Culture: an International Study. Os sujeitos (1.501, sendo 609 homens e 892 mulheres eram residentes da região metropolitana de São Paulo, tinham 30 anos ou mais de idade e foram selecionados aleatoriamente, a partir de amostragem complexa por conglomerados. Todos os indivíduos consentiram em participar da pesquisa. A variável dependente foi risco cardíaco avaliado através do WHO Rose Angina Questionnaire. A análise multivariada consistiu em regressão logística, tendo sido realizado ajuste para uso de tabaco e índice de massa corpórea. RESULTADOS: A taxa de resposta foi 75%. Ser mulher, ter mais idade, ser negro, fumante e ter um índice de massa corpórea elevado, foram associados a maior risco para doença coronariana. Indivíduos que nunca beberam na vida (OR = 2,22 e ex-bebedores (OR = 2,42 tiveram maior risco de doença cardíaca do que aqueles que informaram beber até 19 g de álcool por dia, sem episódios de beber excessivo. Entre os que tiveram episódios de embriaguês observou-se uma tendência a maior risco (OR = 3,95, p = 0,09. CONCLUSÕES: Nossos achados sugerem um menor risco para doença coronariana entre os bebedores moderados. Destaca-se que os estudos que avaliam o impacto do álcool sobre doença cardíaca precisam identificar o padrão de uso de álcool dos sujeitos, visto que este aspecto pode modificar o risco. Políticas públicas são necessárias para reduzir o uso nocivo de álcool e a morbidade a ele relacionada no país.

  12. Análise de Riscos pelo Uso de Métodos Ágeis na Gestão de Projetos de Desenvolvimento de Software

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leonardo Rocha de Oliveira

    2014-12-01

    Full Text Available Métodos Ágeis (MA têm promovido melhorias em diversos aspectos da gestão de projetos de desenvolvimento de software. No entanto, sua aplicação envolve riscos, que podem ser maiores em certas organizações ou contextos de projetos de software. O objetivo deste trabalho é analisar os principais riscos pela utilização de MA em empresas desenvolvedoras de software. O trabalho foi desenvolvido como pesquisa exploratória e qualitativa, com entrevistas abertas e semiestruturadas, com líderes de projetos de software. Resultados do trabalho mostram que diferentes tipos de riscos e impactos podem ocorrer em projetos ágeis. No entanto, as conclusões indicam que são apenas duas as principais causas de riscos: (i engajamento de clientes e (ii experiência e conhecimento com práticas ágeis.

  13. Evidenciação contábil do risco de mercado por instituições financeiras no Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Andre Moura Cintra Goulart

    2009-10-01

    Full Text Available As atividades das instituições financeiras - IF implicam a assunção de diversos tipos de riscos, como de crédito, de mercado, de liquidez e operacional. Estes riscos tem o potencial de gerar perdas financeiras, podendo acarretar desequilíbrios patrimoniais que, em casos extremos, conduzem ao colapso da instituição. Em um sistema financeiro que tem presenciado constantes inovações e frequentes turbulências - incluindo crises de amplitude global , são crescentes os desafios enfrentados na gestão de riscos que se apresentam cada vez mais complexos. Neste ambiente, constata-se a necessidade de que a IF possua um sistema de gestão de riscos que seja compatível com a natureza e a complexidade de suas operações.

  14. Fatores de risco cardiovascular e fatores associados em escolares do Município de Belém, Pará, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Simone Augusta Ribas

    2014-03-01

    Full Text Available Este estudo transversal visou a identificar fatores de risco para doença cardiovascular em uma amostra, estratificada por conglomerados, de 557 escolares (6-19 anos de Belém, Pará, Brasil. Os fatores de risco investigados foram obesidade, hipertensão arterial, dislipidemia, diabetes, tabagismo, sedentarismo e dieta aterogênica. Variáveis sociodemográficas e relacionadas ao estilo de vida foram testadas no modelo de regressão binária logística. Os fatores de risco prevalentes foram excesso de peso (20,4%, dislipidemia (48,1% e sedentarismo (66,2%. Constatou-se que os escolares abaixo de dez anos e os provenientes das famílias de maior renda e com maior escolaridade materna apresentaram mais chances de desenvolverem excesso de peso; por sua vez, os escolares com excesso de peso foram os mais propensos a desenvolver hipercolesterolemia e hipertrigliceredemia. Diante desse quadro, faz-se necessária, ainda na primeira infância, a implantação de estratégias para controle de excesso de peso, por meio da alimentação balanceada e da prática física regular, para que se possa reduzir de forma efetiva a prevalência de fatores de risco em escolares nesta cidade.

  15. A PRÁTICA DO GOLFE, RISCOS AMBIENTAIS E RETORNO SOCIAL NO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristina Cardoso Nunes

    2004-01-01

    Full Text Available O Sistema Aqüífero Sedimentar Freático Ingleses está situado na ilha de Santa Catarina, no Distrito de Ingleses. Este sistema é do tipo poroso, freático, não confinado e desprovido de uma camada impermeabilizante. Ele é responsável pelo abastecimento de água de 130.000 habitantes do norte da Ilha de Santa Catarina. O objetivo desse trabalho é discutir os riscos ambientais e o retorno social de um campo de golfe em âmbito local. Diversos motivos apontavam para o indeferimento do empreendimento, tais como os dados técnicos com indícios claros de risco de contaminação e o parco retorno social do empreendimento para a comunidade local. No entanto, o empreendimento recebeu o apoio político da Câmara de Vereadores de Florianópolis e da Fundação do Meio Ambiente (FATMA para sua implantação, restando a perseverança do movimento popular, envolvido na defesa desse aqüífero, como única esperança para reversão do processo. Palavras-chave: golfe, riscos ambientais, aqüífero

  16. Risco e competição bancária no Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Alberto D'Ávila de Araújo

    2007-06-01

    Full Text Available Diante dos dilemas de regulação bancária está a dicotomia entre liberalização, a qual induz maior competição, e estabilização do sistema financeiro. Neste contexto, este artigo investiga o relacionamento entre o nível de risco e o grau de competição bancária no Brasil, utilizando a estatística-H do modelo de Panzar & Rosse e o Índice de Basiléia, como medidas de competição e risco, respectivamente. Dada a relevância do debate, mensurou-se uma segunda medida de estrutura de mercado por meio do grau de concentração. Os resultados deste trabalho mostram que os bancos brasileiros operam em concorrência monopolista e que a competição implica numa maior exposição ao risco.One of the most relevant discussions on bank regulation is the dichotomy between liberalization, with higher competition, and financial stability. To investigate this problem, the article examines competitive conditions and risk taking in Brazilian banks, and investigates their relationship. Competition is measured using Panzar & Rosse model and risk taking by Basel Brazilian Index. Given the relevance of the discussion, we use the concentration index as a measure of market structure. It is shown that Brazilian banks operate in monopolist competition and that competition increases risk taking.

  17. Fatores de risco na adolescência: discutindo dados do DF

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kátia Tarouquella Brasil

    2006-12-01

    Full Text Available Este estudo teve por objetivo investigar e discutir situações de risco psicossocial em adolescentes do Distrito Federal tomando por base a Teoria dos Sistemas Ecológicos. Foram aplicados 852 questionários em adolescentes de escolas públicas do DF, localizadas em regiões previamente selecionadas e com indicadores de risco psicossocial. Os resultados mostram que a violência, as tentativas de suicídio, a presença de drogas e a sexualidade são fatores de risco para os jovens. Contudo, estes adolescentes têm desenvolvido estratégias efetivas para a promoção de sua saúde, como o uso de preservativos nas relações sexuais, a convivência familiar cotidiana, a expectativa de apoio de vizinhos e líderes comunitários. Percebe-se que esta pode ser uma realidade específica do DF e salienta-se a necessidade de construção de Políticas Públicas que beneficiem as questões de prevenção à violência intrafamiliar, e também a obtenção de sustentabilidade econômica destes jovens.

  18. O risco no controle do espaço aéreo brasileiro - uma nova perspectiva

    OpenAIRE

    Carlos Alberto de Mattos Bento

    2011-01-01

    O risco está presente em todos os componentes do cenário aeronáutico, e não poderia ser diferente com a prestação dos Serviços de Tráfego Aéreo e especificamente com o Controle de Tráfego Aéreo. Podendo ser definido como a quantificação da insegurança presente em uma determinada atividade, o risco ganha uma importância ainda maior no cenário do Sistema de Gerenciamento da Segurança Operacional, ao permitir a avaliação do sistema como um todo, além de verificar se o mesmo cumpre os padrões de ...

  19. Trabalho rural e fatores de risco associados ao regime de uso de agrotóxicos em Minas Gerais, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Wagner Soares

    Full Text Available O objetivo deste artigo foi caracterizar o processo do trabalho rural em nove municípios de Minas Gerais, considerando indicadores sócio-demográficos, a estrutura agrária dos estabelecimentos rurais, práticas de trabalho relacionadas ao uso de agrotóxicos e, a intoxicação associada a seu uso. Os dados foram obtidos de uma pesquisa realizada pela Fundação Jorge Duprat Figueiredo, de Segurança e Medicina do Trabalho, que aplicou um questionário a 1.064 trabalhadores rurais, entre os anos de 1991 a 2000. Por meio de uma regressão logística, foram obtidos os fatores de risco associados à intoxicação por agrotóxicos dos grupos organofosforados e carbamatos. Cerca de 50% dos entrevistados se encontravam ao menos moderadamente intoxicados. Os fatores de risco encontrados foram: ter o último contato a menos de duas semanas com agrotóxicos; não usar proteção; ser orientado pelo vendedor; citar organofosforado ou carbamato como agrotóxico principal e trabalhar nos municípios de Teófoli Otoni, Guidoval ou Piraúba. Os resultados apontam para o alto grau de risco de agravos à saúde a que estão sujeitos trabalhadores rurais em contato com agrotóxicos.

  20. Trabalho rural e fatores de risco associados ao regime de uso de agrotóxicos em Minas Gerais, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Soares Wagner

    2003-01-01

    Full Text Available O objetivo deste artigo foi caracterizar o processo do trabalho rural em nove municípios de Minas Gerais, considerando indicadores sócio-demográficos, a estrutura agrária dos estabelecimentos rurais, práticas de trabalho relacionadas ao uso de agrotóxicos e, a intoxicação associada a seu uso. Os dados foram obtidos de uma pesquisa realizada pela Fundação Jorge Duprat Figueiredo, de Segurança e Medicina do Trabalho, que aplicou um questionário a 1.064 trabalhadores rurais, entre os anos de 1991 a 2000. Por meio de uma regressão logística, foram obtidos os fatores de risco associados à intoxicação por agrotóxicos dos grupos organofosforados e carbamatos. Cerca de 50% dos entrevistados se encontravam ao menos moderadamente intoxicados. Os fatores de risco encontrados foram: ter o último contato a menos de duas semanas com agrotóxicos; não usar proteção; ser orientado pelo vendedor; citar organofosforado ou carbamato como agrotóxico principal e trabalhar nos municípios de Teófoli Otoni, Guidoval ou Piraúba. Os resultados apontam para o alto grau de risco de agravos à saúde a que estão sujeitos trabalhadores rurais em contato com agrotóxicos.

  1. Diagnóstico de enfermagem risco de aspiração em pacientes críticos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Miclécia de Melo Bispo

    2016-06-01

    Full Text Available RESUMO Objetivo: Analisar o diagnóstico de enfermagem: risco de aspiração e a relação com seus fatores de risco no paciente internado na unidade de terapia intensiva. Métodos: Estudo transversal, realizado na unidade de terapia intensiva adulto de um hospital universitário no Nordeste do Brasil, com uma amostra de 86 pacientes. Os dados foram coletados mediante utilização de formulário de entrevista e exame físico, nos meses de outubro de 2013 a maio de 2014. Resultados: O diagnóstico esteve presente em 43 pacientes (50%. Foram identificados 17 fatores de risco, relacionados principalmente a deglutição, nutrição enteral, motilidade gastrintestinal, esvaziamento gástrico, padrão neurológico, interfaces de ventilação, eventos secundários ao tratamento e procedimentos cirúrgicos. Conclusão: O diagnóstico risco de aspiração e seus fatores de risco estão presentes nos pacientes críticos, tornando-se fundamental o planejamento dos cuidados neste contexto.

  2. Riscos ocupacionais e gestão ergonómica em postos de trabalho com utilização de equipamento informático

    OpenAIRE

    Neto, Signalda de Sousa

    2015-01-01

    Os riscos ocupacionais têm sido uma problemática nos postos de trabalho dotados de visor. Esta problemática carece de um estudo mais aprofundado, uma vez que a prevenção contínua contribui para o sucesso dos locais de trabalho. Este estudo pretende descrever a incidência/prevalência dos riscos laborais a que os profissionais cuja atividade requer o uso de equipamento de informática estão expostos. O objeto de estudo concentra a recolha de várias informações nos colaboradores, d...

  3. Fatores de risco para o despertar intraoperatório

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rogean Rodrigues Nunes

    2012-06-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: O despertar intraoperatório, evento adverso na anestesia geral, pode ocorrer em cerca de 20.000 casos por ano, o que em si justifica o estudo dos fatores de risco deste evento. O objetivo deste estudo foi fazer uma revisão sobre o tema com a finalidade de diminuir a incidência do despertar intraoperatório e das sequelas psicológicas decorrentes deste incidente, que podem resultar em síndrome de estresse pós-traumático com repercussões negativas sobre o desempenho social, psíquico e funcional do paciente cirúrgico. CONTEÚ;DO: Foi realizada revisão sobre o despertar intraoperatório, avaliando suas diferentes fases durante anestesia geral, sonhos, vigília, memória explicita e implícita, assim como análise, consequências e prevenção dos principais fatores relacionados ao mesmo. CONCLUSÕES: A diminuição na incidência do despertar durante anestesia está ligada ao melhor desempenho cientifico e técnico do anestesiologista, envolvendo questões como a monitoração, a compreensão sobre os componentes da atividade anestésica, drogas hipnóticas, analgésicas, bloqueadores neuromusculares, controle de reflexos autonômicos e motores, além dos fatores de risco envolvidos neste evento.

  4. Hidrocarbonetos policíclicos aromáticos em resíduos sólidos industriais: uma avaliação preliminar do risco potencial de contaminação ambiental e humana em áreas de disposição de resíduos Polycyclic aromatic hydrocarbons in industrial solid waste: a preliminary evaluation of the potential risk of environmental and human contamination in waste disposal areas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristina L. S. Sisinno

    2003-04-01

    Full Text Available A disposição adequada dos resíduos sólidos é importante para evitar que os mesmos se transformem em fonte de contaminação ambiental e humana. A NBR 10.004 - Classificação de Resíduos - lista vários hidrocarbonetos policíclicos aromáticos (HPAs e indica que, a presença de pelo menos um deles na massa bruta do resíduo é suficiente para classificá-lo como resíduo perigoso. O objetivo deste estudo foi verificar a presença de HPAs em amostras de resíduos sólidos provenientes de alguns segmentos industriais, para se obter uma avaliação preliminar do potencial de contaminação que estes resíduos podem representar, caso não recebam destino adequado. Pelo menos um dos HPAs previstos na NBR 10.004 (benzo[a]antraceno, benzo[a]pireno, benzo[b]fluoranteno, benzo[k]fluoranteno, indeno[1,2,3-c,d]pireno, criseno ou fluoranteno foi identificado em todos os resíduos estudados, classificando-os como perigosos. Nossos resultados indicam que todos os resíduos estudados continham HPAs de importância toxicológica, o que implica que sua disposição final seja feita em locais adequados para minimizar os riscos à saúde humana e ambiental oriundos das áreas de disposição de resíduos.Proper solid waste disposal is important to avoid human and environmental contamination. The NBR 10,004 Waste Classification lists several polycyclic aromatic hydrocarbons (PAHs and indicates that the presence of at least one PAH in a waste sample is enough to classify it as hazardous. The aim of this study was a preliminary evaluation of PAHs in solid waste samples from selected industries to obtain a preliminary overview of their potential for contamination in case of improper disposal. One or more PAHs listed in NBR 10,004 (benzo[a]anthracene, benzo[a]pyrene, benzo[b]fluoranthene, benzo[k]fluoranthene, indene[1,2,3-c,d]pyrene, chrysene, or fluoranthene were found in all samples, thus leading to their classification as hazardous waste. Our results showed

  5. O RISCO COMO ELEMENTO PARA O ESTUDO DO COMPORTAMENTO HUMANO NAS ORGANIZAÇÕES

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    André Luis Silva

    2011-12-01

    Full Text Available As organizações contemporaneas se caracterizam pelos processos de transformação que fazem surgir maneiras alternativas de interpretar e agir nos espaços organizacionais. Então, o que, essencialmente, têm se buscado compreender por meio do estudo do comportamento organizacional? Este estudo, de caráter bibliográfico, argumenta que a constante tensão entre organizações e as transformações do ambiente, que, por sua vez, impactam as pessoas envolvidas na situação, está norteada pelo elemento risco. Assim, o que estudamos em comportamento organizacional é a impermanência da realidade que torna o risco um valor substancial para compreender o comportamento humano quando no trato das incertezas em contextos organizacionais.

  6. Comportamento suicida: fatores de risco e intervenções preventivas

    OpenAIRE

    Kelly Piacheski de Abreu; Maria Alice Dias da Silva Lima; Eglê Kohlrausch; Joannie Fachinelli Soares

    2010-01-01

    As taxas de suicídio evidenciam um problema de saúde pública, e ações preventivas são necessárias. O objetivo deste artigo de atualização é discorrer sobre fatores de risco para o comportamento suicida e as possíveis intervenções utilizadas para sua prevenção na atenção primária à saúde. Os fatores de risco mais importantes para comportamento suicida são: transtornos mentais, antecedentes familiares, sexo, idade, relações familiares, abuso de substâncias,problemas físicos e situação social de...

  7. O uso de drogas por motoristas caminhoneiros e o comportamento de risco nas estradas

    OpenAIRE

    Gilmar Antoniassi Junior; Hugo Christiano Soares Melo; Delza Ferreira Mendes; Luciana de Araújo Mendes e Silva; Renata Ferreira dos Santos Oliveira; Carolina de Meneses Gaya

    2016-01-01

    Justificativa e objetivos: verificar o uso de drogas por motoristas caminhoneiros e a exposição do risco e o estilo de vida nas estradas. Visto que, as drogas estão cada vez mais presentes entre os caminhoneiros, e, por serem atuante no trânsito, necessita perceber em decorrência dos maus hábitos a necessidade que não o expõem em risco a condição de saúde e evitem complicações sociais. Métodos: trata se de um estudo quantitativo, descritivo e exploratório com 31 motoristas de uma cooperativa ...

  8. Web 2.0 e EAD: riscos e possibilidades

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Richard Romancini

    2010-06-01

    Full Text Available O artigo evidencia o crescimento das possibilidades de uso de tecnologias digitais associadas à chamada “web 2.0”, entre os usuários da internet. Discute a relação desse contexto com a educação mediada por tecnologias, em particular a Educação a Distância (EAD, notando que existe o paradoxal risco de que a utilização desses novos recursos reforce paradigmas educativos informacionais/reprodutivistas. Entretanto, argumenta-se que o uso reflexivo das possibilidades que surgiram no mundo digital pode favorecer a construção de espaços de diálogos na educação on-line, dando um sentido mais comunicativo/construtivista a processos de educação virtual. Por fim, nota-se que, para este cenário mais positivo, é necessário, também, que haja o desenvolvimento de competências por parte dos participantes (professores e estudantes das ações educativas no âmbito digital.

  9. Uso de medicamentos como fator de risco para fratura grave decorrente de queda em idosos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Coutinho Evandro da Silva Freire

    2002-01-01

    Full Text Available Quedas seguidas de fraturas entre idosos constituem um importante problema de saúde pública. Um estudo caso-controle foi conduzido para avaliar o papel do uso de um conjunto de medicamentos, como fator de risco para esses acidentes entre pessoas com 60 anos ou mais, na cidade do Rio de Janeiro, Brasil. Cento e sessenta e nove casos de internação por fratura conseqüente a queda, e 315 controles hospitalares foram pareados por idade, sexo e hospital. Odds ratios (OR, ajustados por fatores potenciais de confusão, foram obtidos utilizando-se regressão logística condicional. Observou-se um aumento no risco desses acidentes para o uso de drogas bloqueadoras dos canais de cálcio (OR = 1,96, 1,16-3,30 e benzodiazepínicos (OR = 2,09, 1,08-4,05, e uma redução para o uso de diuréticos (OR = 0,40, 0,20-0,80. Antiácidos, digitálicos e laxantes mostraram-se associados a uma redução do risco de fraturas por quedas, cuja significância estatística atingiu níveis limítrofes (0,05 < p < 0,10. Os dados deste estudo apontam para a necessidade de ponderar os riscos e benefícios no uso de medicamentos em idosos, e orientar tais indivíduos e seus familiares para evitar esses acidentes quando o uso desses medicamentos é necessário.

  10. Uso de medicamentos como fator de risco para fratura grave decorrente de queda em idosos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Evandro da Silva Freire Coutinho

    Full Text Available Quedas seguidas de fraturas entre idosos constituem um importante problema de saúde pública. Um estudo caso-controle foi conduzido para avaliar o papel do uso de um conjunto de medicamentos, como fator de risco para esses acidentes entre pessoas com 60 anos ou mais, na cidade do Rio de Janeiro, Brasil. Cento e sessenta e nove casos de internação por fratura conseqüente a queda, e 315 controles hospitalares foram pareados por idade, sexo e hospital. Odds ratios (OR, ajustados por fatores potenciais de confusão, foram obtidos utilizando-se regressão logística condicional. Observou-se um aumento no risco desses acidentes para o uso de drogas bloqueadoras dos canais de cálcio (OR = 1,96, 1,16-3,30 e benzodiazepínicos (OR = 2,09, 1,08-4,05, e uma redução para o uso de diuréticos (OR = 0,40, 0,20-0,80. Antiácidos, digitálicos e laxantes mostraram-se associados a uma redução do risco de fraturas por quedas, cuja significância estatística atingiu níveis limítrofes (0,05 < p < 0,10. Os dados deste estudo apontam para a necessidade de ponderar os riscos e benefícios no uso de medicamentos em idosos, e orientar tais indivíduos e seus familiares para evitar esses acidentes quando o uso desses medicamentos é necessário.

  11. Modelos para gestão de riscos em cadeias de suprimentos: revisão, análise e diretrizes para futuras pesquisas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Robson Nogueira Tomas

    2013-01-01

    Full Text Available O objetivo deste artigo é apresentar uma revisão bibliográfica, que possa ser considerada completa e inédita na literatura científica nacional, tendo como foco modelos para gestão de riscos em cadeias de suprimentos. Para tanto, foram revisados 103 artigos científicos publicados entre 2000 e 2012. Inicialmente, buscou-se categorizar os tipos de riscos abordados nos artigos científicos segundo a descrição proposta por Christopher e Peck (2004, a saber: internos à empresa focal (operações, processo e controle; externos para a empresa focal, mas internos para a cadeia (fornecimento e demanda; e externos à cadeia (macroambiente. Buscou-se, também, identificar as etapas elementares na composição de um modelo para gestão de riscos em cadeias de suprimentos. Uma vez categorizados os tipos de riscos e identificadas as quatro etapas elementares, efetuou-se uma análise a partir de três perspectivas: i as opções de modelos disponíveis na literatura para a prática de tal gestão, considerando-se os tipos de riscos e etapas que os compõem; ii um modelo final a ser proposto; e iii elementos que podem ser acrescentados ao modelo final. As principais contribuições deste trabalho dizem respeito a possibilitar melhor entendimento dos tipos de riscos que podem incidir sobre uma cadeia de suprimentos, discutir os modelos mais adequados para geri-los, além de oferecer diretrizes para futuras pesquisas na temática em questão.

  12. Prevalência e fatores de risco relacionados ao uso de drogas entre escolares

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Baus

    2002-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar a prevalência e os fatores de risco relacionados ao uso indevido de drogas entre estudantes de uma escola pública de primeiro e segundo graus. MÉTODOS: Foi realizado estudo descritivo transversal, utilizando, como instrumento de pesquisa, um questionário anônimo, padronizado e amplamente testado no Brasil para levantamento do uso de drogas. A população estudada foi constituída de 478 estudantes de escola pública de primeiro e segundo graus, de Florianópolis, SC. Os questionários foram aplicados por estudantes universitários devidamente treinados. Entre os estudantes pesquisados, 43% e 32% foram de faixa etária de 13 a 15 anos e de 16 a 18 anos, respectivamente, com predomínio de classes socioeconômicas mais altas. RESULTADOS: A prevalência de uso de maconha na vida (19,9%, solventes (18,2%, anfetamínicos (8,4% e álcool (86,8% foi elevada em Florianópolis, comparada a outras capitais da região Sul e à média brasileira. Notou-se elevado e freqüente uso (seis ou mais vezes por mês de álcool (24,2%, maconha (4,9%, solventes (2,5% e anfetamínicos (2,3%. Os fatores demográficos relacionados ao uso de drogas na vida foram idade, sexo, classe socioeconômica e vida junto aos pais. A chance de garotas usarem remédios para emagrecer ou ficarem acordadas foi o dobro da chance de garotos e, quanto ao uso de tranqüilizantes, quase o triplo. Os garotos tinham um risco quase duas vezes maior de uso de solvente do que as garotas. A classe socioeconômica alta foi associada a um risco duas vezes maior do uso de álcool do que a classe baixa. O risco de uso de cigarro e maconha na vida foi 84% e 67% maior, respectivamente, para alunos cujos pais estavam separados. CONCLUSÃO: Constatou-se alta prevalência de uso de várias drogas entre os alunos de primeiro e segundo graus.

  13. Prevalência e fatores de risco relacionados ao uso de drogas entre escolares

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Baus José

    2002-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar a prevalência e os fatores de risco relacionados ao uso indevido de drogas entre estudantes de uma escola pública de primeiro e segundo graus. MÉTODOS: Foi realizado estudo descritivo transversal, utilizando, como instrumento de pesquisa, um questionário anônimo, padronizado e amplamente testado no Brasil para levantamento do uso de drogas. A população estudada foi constituída de 478 estudantes de escola pública de primeiro e segundo graus, de Florianópolis, SC. Os questionários foram aplicados por estudantes universitários devidamente treinados. Entre os estudantes pesquisados, 43% e 32% foram de faixa etária de 13 a 15 anos e de 16 a 18 anos, respectivamente, com predomínio de classes socioeconômicas mais altas. RESULTADOS: A prevalência de uso de maconha na vida (19,9%, solventes (18,2%, anfetamínicos (8,4% e álcool (86,8% foi elevada em Florianópolis, comparada a outras capitais da região Sul e à média brasileira. Notou-se elevado e freqüente uso (seis ou mais vezes por mês de álcool (24,2%, maconha (4,9%, solventes (2,5% e anfetamínicos (2,3%. Os fatores demográficos relacionados ao uso de drogas na vida foram idade, sexo, classe socioeconômica e vida junto aos pais. A chance de garotas usarem remédios para emagrecer ou ficarem acordadas foi o dobro da chance de garotos e, quanto ao uso de tranqüilizantes, quase o triplo. Os garotos tinham um risco quase duas vezes maior de uso de solvente do que as garotas. A classe socioeconômica alta foi associada a um risco duas vezes maior do uso de álcool do que a classe baixa. O risco de uso de cigarro e maconha na vida foi 84% e 67% maior, respectivamente, para alunos cujos pais estavam separados. CONCLUSÃO: Constatou-se alta prevalência de uso de várias drogas entre os alunos de primeiro e segundo graus.

  14. Percepção de exposição a cargas de trabalho e riscos de acidentes em Pelotas, RS (Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosângela C. Lima

    1999-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Investigar a associação entre a percepção de exposição às cargas de trabalho e o risco de acidentes. MÉTODOS: O delineamento do estudo foi o tipo de casos e controles. Os casos (n=264 incluíram os acidentes de trabalho típicos notificados no Instituto Nacional de Seguridade Social, de Pelotas, RS (Brasil, de janeiro a julho de 1996. Foram excluídos os óbitos (dois, os acidentes ocorridos na zona rural, e os que afastaram o trabalhador de suas atividades por menos de sete dias. Para cada caso foram selecionados três tipos de controles: um trabalhador da mesma empresa, um vizinho e um controle populacional. Os controles foram emparelhados com os casos por idade e sexo e precisavam ter vínculo empregatício formal e não ter sofrido acidente no último mês. Os dados foram analisados usando regressão logística condicional. RESULTADOS E CONCLUSÕES: Os trabalhadores que relatavam enfrentar situações de emergência, o trabalho em altura, perigo constante, ou ambientes ruidosos tinham cerca de duas vezes mais risco de acidentar-se. O trabalho em posições incômodas ou com esforço físico intenso aumentaram em 50% o risco de acidentes. As demais cargas de trabalho estudadas não se constituíram como fatores de risco para os acidentes. Os resultados foram ajustados para fatores de confusão.

  15. Os erros de classificação e os resultados de estudos epidemiológicos

    OpenAIRE

    Carlos Henrique Klein; Eduardo de Azeredo Costa

    1987-01-01

    Este artigo analisa a validade de técnicas diagnósticas ou de medidas de fatores de risco, através dos seus erros de classificação, e seus efeitos sobre indicadores de risco, próprios de grupos, bem como sobre o risco relativo e a razão de produtos cruzados, obtidos em estudos epidemiológicos analíticos. É demonstrado como os erros de classificação podem distorcer os resultados de inquéritos e estudos de cortes ou de casos e controles. Porém, são propostas formas simples de correção dos indic...

  16. Negando o conexionismo: Notas Flanantes e Sábado à Noite ou como ficar à altura do risco do real

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cezar Migliorin

    2009-12-01

    Full Text Available Discuto neste artigo as formas como alguns documentários contemporâneos brasileiros lidam com o que chamamos o risco do real, expressão do teórico e cineasta francês Jean Louis Comolli e largamente utilizada pela crítica para indicar o “lugar” em que o cineasta deveria se encontrar na  sua relação com o real. Estar sob o risco do real aparece como a garantia de uma imagem compartilhada entre os “atores” de um documentário. Estar sob o risco do real é o paradigma do chamado documentário moderno e está incorporado à produção brasileira recente. Uma importante diversidade de formas e estilos, dispositivos e práticas aparecem nesta recente produção. Aqui desenvolvo a questão do risco do real em relação ao papel que o conexionismo passou a ter no capitalismo contemporâneo e o diálogo de dois documentários brasileiros, Sábado à noite (2007, de Ivo Lopes e de Notas Flanantes (2008 de Clarissa Campolina, com seus dispositivos e com os desafios da imagem contemporânea.

  17. Uso do paradigma de risco para a esquistossomose em áreas endêmicas no Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Coura-Filho Pedro

    1994-01-01

    Full Text Available Neste estudo são confrontados os resultados do uso do paradigma de risco na infecção pelo Schistosoma mansoni em áreas endêmicas no Brasil. Foi observada associação da infecção pelo S. mansoni com algumas condições gerais: ausência de água potável intradomiciliar, baixa renda individual, analfabetismo e residência atual ou anterior em área endêmica por mais de cinco anos. Além dessas condições ocorreu associação com alguns hábitos (fatores de risco exercer atividades agrícolas e domésticas em águas a céu aberto, nadar e pescar. A análise das condições gerais que podem estar determinando os fatores de risco, apontou o fornecimento de água potável intradomiciliar e o acesso ao tratamento como medidas abrangentes que muitas vezes podem ser adotadas, visando à prevenção e/ou controle da morbidade da endemia. É questionada a eficácia do uso do paradigma de risco na indicação de medidas de controle dessa endemia.

  18. Fatores de risco cardiovascular em adultos jovens de um município do Nordeste brasileiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Emiliana Bezerra Gomes

    2012-08-01

    Full Text Available Objetivou-se averiguar fatores de risco cardiovasculares em adultos jovens num interior do Nordeste brasileiro. Estudo quantitativo realizado com 351 escolares adultos jovens de 12 escolas públicas em Juazeiro do Norte, Ceará, selecionados aleatoriamente e estratificados por escola e turno. Os resultados apresentaram maioria feminina, mestiça, conciliando estudo e trabalho, sem companheiro(a e morando com os pais. Houve sedentarismo (57,3%, obesidade/sobrepeso (19,4%, adição de sal à comida (54,4%, ingestão alcoólica (76,1%, hipertensão arterial (1,1% com 50% de não adesão ao tratamento, diabetes mellitus (0,6% e antecedentes familiares de doenças cardiovasculares (86,3%. Caracterizar os riscos cardiovasculares entre os adultos jovens direciona ações de saúde e potencialidades nas parcerias com as escolas.

  19. Consumo e risco: mídia e experiência do corpo na atualidade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo Vaz

    2008-09-01

    Full Text Available Este artigo propõe a tese de que o conceito de risco orienta a concepção contemporânea de moralidade. A argumentação se organiza em dois eixos. Um é o diagnóstico de substituição da norma pelo risco como conceito básico por meio do qual os indivíduos na cultura ocidental pensam o poder de suas ações e, desse modo, habitam o tempo. Em outras palavras, esses conceitos orientam o modo como os indivíduos trabalham sobre seus corpos e estados mentais para conquistar um estado de ser no futuro tido como desejável. O segundo eixo aponta os fatores de mudança – a transformação recente do capitalismo e o desenvolvimento tecnocientífico – e propõe os modos como eles afetam a produção de subjetividade. Espera-se, por fim, apontar alguns elementos que explicam a relevância recente dos meios de comunicação para a moralidade cotidiana. Palavras-chave: Risco; norma; capitalismo; tecnologia; mídia. ABSTRACT This article presents the thesis that the concept of risk orients contemporary conceptions of morality. The argument is developed along two axes. First, the diagnostic of the substitution of norm by risk as the basic concept through which Western individuals conceive the power of their actions and therefore inhabit time. These concepts orient the ways in which individuals work upon their bodies and mental states in order to attain a desirable stateof being in the future. The second axe posits a recent transformation in capitalism and techno-scientific developments as agents in the production of subjectivity. Finally, the article elaborates key aspects of the recent relevance of communication media to quotidian morality. Keywords: Risk; norm; capitalism; technology; media.

  20. A SOCIEDADE DE RISCO E O DESCARTE DE COMPUTADORES

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Rogério dos Santos Carvalho

    2013-04-01

    Full Text Available O presente artigo aborda a sociedade de risco e suas mudanças sociais, políticas e econômicas, visando trazer à discussão as questões referentes ao consumismo desenfreado dessa sociedade contemporânea, especialmente no que concerne a equipamentos tecnológicos, mais particularmente os de informática e o consequente descarte dos aparelhos substituídos por essas novas aquisições, dando origem ao chamado “lixo eletrônico”. Enfatiza a necessidade de compreensão de que estamos vivenciando a “modernidade da Sociedade Moderna”, como diz Zigmunt Bauman; chamada de Sociedade de Risco por Ulrich Beck; e de Sociedade Pós-Moderna, como prefere chamar Jean Baudrillard e outros autores, onde todas as relações humanas, em todos os níveis, se modificam e os acontecimentos que geram essas alterações ocorrem rápidos demais. As instituições e os sistemas tradicionalmente estruturados e sedimentados sofreram rupturas fatais, pois as mudanças sociais, econômicas, ambientais e tecnológicas criaram uma nova sociedade, com novos conceitos, novos paradigmas, novos pensamentos e comportamentos. Na parte tecnológica dessas mudanças, especificamente na área da informática e seus equipamentos, no Brasil, será apresentada a problemática, e se fará abordagens sobre a legislação dos resíduos sólidos, através da Lei 12.305/2010, PNRS e da Constituição Federal/1988. Dentro da temática, trata de ideias práticas de ações simples e factíveis que auxiliariam muito no retardo do descarte dos resíduos sólidos decorrentes dos computadores antigos e suas peças tecnológicas. Com os referenciais teóricos que embasaram este trabalho, aliado a experiência do autor do referido texto, sendo proprietário de uma revenda de informática e assistência técnica, com 16 anos de atuação no segmento, considera ser possível e viável a sustentabilidade na informática, onde deveria haver, para a concretização dessa possibilidade, o

  1. Trabalhe com o coração - Redução do Risco Cardiovascular nos funcionários da Câmara Municipal de Viana do Alentejo

    OpenAIRE

    Silva, Iolanda Rosado Mendes da Silva

    2016-01-01

    Este trabalho visou a prevenção das doenças cardiovasculares através da promoção de estilos de vida saudáveis em adultos em idade ativa. Objetivos: Avaliar o Risco Cardiovascular; identificar os conhecimentos sobre fatores de risco modificáveis; promover a criação de um grupo dinamizador de atividades promotoras de estilos de vida saudáveis. Metodologia: Planeamento em Saúde. Resultados: Dos 71 indivíduos avaliados, 33,8 % apresentaram evidência de risco cardiovascular, sendo que 6 apresentar...

  2. Mudanças climáticas e distribuição social da percepção de risco no Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcel Bursztyn

    2015-08-01

    Full Text Available ResumoEste artigo tem por objetivos testar a aplicabilidade da teoria da sociedade de risco de Ulrich Beck para a sociedade brasileira contemporânea e analisar a distribuição social da percepção de risco associada às mudanças climáticas e ao aquecimento global. Para tanto, é feita uma revisão de teorias de risco, além de uma discussão crítica de sua aplicação ao caso das mudanças climáticas. Em seguida são apresentados resultados de pesquisa, verificando o efeito de diferentes variáveis sociodemográficas na percepção de risco. Os dados advêm de pesquisa de opinião pública em território nacional, com amostra estratificada por conglomerados. O principal resultado alcançado diz respeito à homogeneidade da percepção de risco, por meio de diferentes categorias sociais ou contextos geográficos. As únicas categorias que apresentaram influências significativas na avaliação da percepção de risco foram renda familiar e escolaridade, ambas com relação positiva.

  3. Estratificação de Risco Cardiovascular na Atenção Primária segundo Escore de Framingham.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Naira Pereira de SOUSA

    2016-05-01

    Full Text Available Estratificar o risco cardiovascular em pacientes portadores de hipertensão arterial sistêmica, atendidos em Regional de Saúde no Distrito Federal. Método: Estudo de abordagem quantitativa, com amostra constituída por 51 usuários. Foi aplicado à amostra o Escore de Risco de Framingham que se baseia nos seguintes fatores preditores: idade, LDL (Low Density Lipoproteins colesterol, HDL (High Density Lipoproteins colesterol, pressão arterial, diabetes e tabagismo. Os dados foram analisados por meio de média aritmética, desvio-padrão, frequência absolutas e relativas. Resultados: 43,1% apresentou baixo risco, 41,2% moderado risco e 15,7% alto risco cardiovascular. Conclusão: Apesar do Escore de Risco de Framingham ser mais utilizado em cenários externos à Atenção Primária à Saúde a utilização do mesmo poderia ser incorporada aos processos de trabalho das equipes a fim de contribuir para a qualificação da assistência aos pacientes com doenças crônicas, em especial a hipertensão arterial sistêmica.

  4. Fatores de risco e emocionais na voz de professores com e sem queixas vocais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Denise Batista da Costa

    2013-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: analisar a interferência dos fatores de riscos e emocionais na voz de professores com e sem queixa. MÉTODO: a amostra foi composta de 44 professores. Utilizou-se uma ficha com dados pessoais e profissionais, três questionários referentes aos aspectos vocais e dois questionários para dados relacionados à emoção, sobretudo ansiedade, além da coleta de voz para análise perceptivo-auditiva. Os grupos foram divididos a partir do número de sintomas relatados, estabelecendo um número de 22 voluntários no grupo de Professores Sem Queixa (PSQ e 22 no grupo Professores Com Queixas (PCQ, sendo deste grupo, os indivíduos que relataram mais de três sintomas vocais. Os dados foram analisados estatisticamente. RESULTADOS: a média do número de sintomas descritos no QSSV foi de 5,7 (±2,8 para os PCQ e de 0,8 (±0,9 para os PSQ. Os PSQ referiram uma melhor autoavaliação vocal (p= 0,01 e os PCQ afirmaram possuir um maior comprometimento em sua voz (p= 0,001. O grupo PSQ obteve os maiores valores nos escores do QVV-Físico (p=0,0007 e QVV-Total (p= 0,0006. Os PCQ obtiveram maiores valores no IDV-Total (p=0,0003 e IDV-Orgânico (p=0,0006, e um maior comprometimento emocional, com SRQ de 5,7 (±3,9 e IDATE 42,5 (±12,7. A partir da avaliação perceptivo-auditiva, os PCQ apresentaram um desvio vocal moderado com presença de rugosidade, soprosidade e tensão na voz, enquanto os PSQ evidenciam um desvio leve em todos os parâmetros. CONCLUSÃO: os professores com queixas vocais estão expostos a mais fatores de riscos, além de relatarem mais sintomas e comprometimento vocais, bem como emocionais.

  5. FATORES DE RISCO E DE PROTEÇÃO PARA CÂNCER DE MAMA NA MULHER

    OpenAIRE

    Viviane Batistas Szeremeta Bellini; Cristiane dos Santos; Gleidson Brandão Oselame

    2013-01-01

    O câncer de mama é uma doença crônica e degenerativa que se caracteriza por um longo período de latência sem apresentar sintomas e sua etiologia pode estar associada a diversos fatores de risco e de proteção. O objetivo do presente estudo é apresentar os fatores de risco e de proteção para o câncer de mama feminino que mais se destacam na literatura científica. Trata-se de um estudo de revisão, desenvolvido inicialmente na base de dados Scielo pelo descritor “câncer de mama”, em todos os índi...

  6. Estudo transversal sobre o uso de risco de álcool em uma amostra de estudantes de uma universidade federal brasileira

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Érika Correia Silva

    2014-12-01

    Full Text Available Objetivo Avaliar o padrão de consumo de álcool entre estudantes de uma universidade federal brasileira que faz parte do Programa de Apoio a Planos de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais (REUNI e identificar os grupos mais expostos a problemas relacionados ao uso de álcool e fatores associados. Métodos Caracteriza-se como um estudo descritivo, quantitativo e de delineamento transversal no qual se aplicou um questionário de caracterização sociodemográfica e o The Alcohol Use Disorders Identification Test (AUDIT em 787 estudantes universitários de uma universidade federal brasileira. Resultados Entre os estudantes, 82,9% se enquadraram no grupo que faz consumo de baixo risco e 17,1%, no grupo que faz um consumo de risco. A análise de correspondência detectou que os estudantes do gênero masculino, os que não possuíam religião, que praticavam atividade física esporadicamente e que residiam em repúblicas se caracterizaram como pertencentes ao grupo de risco em relação ao consumo de álcool. Conclusões Os resultados indicam predominância de consumo de álcool de baixo risco entre os estudantes e sugerem uma relação entre consumo de álcool de maior risco e gênero masculino, não possuir religião, praticar atividade física esporadicamente e residir em repúblicas. Essas informações devem ser consideradas em programas preventivos no ambiente universitário.

  7. Microcistinas: risco de contaminação em águas eutróficas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcia Kamogae

    2000-05-01

    Full Text Available O aumento populacional, aliado à modernização da sociedade, incrementou o consumo de água, tornando o represamento recurso imprescindível para atender à demanda. Inúmeros fatores inter-relacionados contribuem para agravar o risco da deterioração da água, dentre os quais se destacam as microcistinas. Estas hepatotoxinas, produzidas por cianobactérias dos gêneros Anabaena, Microcystis, Nostoc e Oscillatorias, consistem de heptapeptídio de estrutura monocíclica cujo risco iminente da constante ingestão se deve ao efeito de potente promotor de tumor. A produção de microcistinas é favorecida por fatores ambientais onde existe elevada concentração de nutrientes e luminosidade, fatores estes que se tornaram inevitáveis no atual ecossistema. A crescente eutroficação de água ocorre em ritmo acelerado, decorrente da poluição pela industrialização, lixo doméstico, práticas agrícolas, além da espoliação de recursos naturais. Com a finalidade de alertar a comunidade e despertar seu interesse, este trabalho discorre sobre microcistinas e fatores de risco - perspectivas de sua contaminação, objetivando ainda estabelecer medidas preventivas que minimizem a deterioração das águas.

  8. O uso de drogas por motoristas caminhoneiros e o comportamento de risco nas estradas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gilmar Antoniassi Junior

    2016-10-01

    Full Text Available Justificativa e objetivos: verificar o uso de drogas por motoristas caminhoneiros e a exposição do risco e o estilo de vida nas estradas. Visto que, as drogas estão cada vez mais presentes entre os caminhoneiros, e, por serem atuante no trânsito, necessita perceber em decorrência dos maus hábitos a necessidade que não o expõem em risco a condição de saúde e evitem complicações sociais. Métodos: trata se de um estudo quantitativo, descritivo e exploratório com 31 motoristas de uma cooperativa de laticínios. Aplicou-se um Questionário elaborado com 34 questões referente à Exposição de Risco e ao Estilo de Vida no Trânsito, e o Teste ASSIST. As análises estatísticas foram realizadas pelo programa estatístico Epi Info®. O nível de significância de p

  9. ABORDAGEM GEOAMBIENTAL APLICADA À ANÁLISE DA VULNERABILIDADE E DOS RISCOS EM AMBIENTES URBANOS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jader de Oliveira Santos

    2014-08-01

    Full Text Available A sociedade, ao apropriar-se do território e dos recursos naturais, promove significativas modificações nas paisagens, desencadeando uma série de problemas socioambientais. Nas áreas urbanas essas consequências são mais evidentes, em virtude, principalmente, da ocupação desordenada dos ambientes mais vulneráveis, que gera impactos e riscos emergentes. A pretensão deste texto é apresentar a análise geoambiental como instrumento de investigação da vulnerabilidade e dos riscos ambientais em sistemas marcados pela urbanização. Para tanto, utiliza-se como estudo de caso a bacia hidrográfica do rio Cocó, localizada na Região Metropolitana de Fortaleza (CE. Os resultados obtidos mostram a eficácia da aplicação desse tipo de abordagem para a compreensão da distribuição espacial dos riscos e identificação de territórios mais susceptíveis a esses problemas.

  10. Prestação de serviços de manutenção predial em Estabelecimentos Assistenciais de Saúde Provision of building maintenance services in healthcare facilities

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gláucia Maria Amorim

    2013-01-01

    Full Text Available O objetivo do trabalho foi avaliar (através de estudo descritivo, quantitativo e transversal a prestação de serviços de manutenção predial em Unidades de Saúde, considerando os cinco tipos de Estabelecimentos (Unidade Básica de Saúde, Unidade de Pronto Atendimento, Especialidade, Hospitalar e Saúde Mental. A pesquisa foi aprovada no CEP da FHEMIG com o Termo de Concordância junto ao SUS Betim. Foi realizada a análise comparativa através da verificação de requisitos da "Gestão da Estrutura Físico-Funcional", do "Manual Brasileiro de Acreditação Hospitalar" da ONA. Foram constatadas inconformidades na gestão físico-funcional dos EAS, especialmente das UBS. Importante essa avaliação, considerando que o cumprimento dos requisitos formais, técnicos e de estrutura, as atividades assistenciais, de acordo com a organização do serviço e adequadas ao perfil e à complexidade, podem colaborar para minimizar os riscos dos usuários. Para a melhoria da qualidade assistencial dos estabelecimentos, é imprescindível que os gestores, com o respaldo da "alta direção", priorizem, nos planejamentos, os recursos financeiros, humanos e materiais a fim de garantir o cumprimento das exigências da segurança dos usuários nos edifícios.The scope of this paper was to evaluate the provision of building maintenance services in health units, by means of a descriptive, quantitative and cross-sectional study, considering the five types of facilities (Primary Health, Emergency, Specialty, Hospital and Mental Health Units. The research was approved by the Research Ethics Comittee of FHEMIG with the Terms of Agreement signed with the Unified Health System of Betim. Comparative analysis was conducted by checking the requirements of "Physical-Functional Structure Management" of the "Brazilian Hospital Accreditation Manual" of the National Accreditation Organization. Nonconformities were noted in the physical-functional management of the health

  11. Indicadores emocionais no desenho da figura humana de crianças transplantadas de órgãos Emotional indicators in the draw-a-person test of transplanted children

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elisa Kern de Castro

    2010-04-01

    Full Text Available O objetivo do estudo foi examinar a presença de indicadores emocionais no Desenho da Figura Humana (DFH, utilizando o sistema Koppitz, em crianças transplantadas e sem problemas de saúde, comparando-as de acordo com o sexo. Quarenta e sete crianças transplantadas e 88 sem problemas de saúde com idades entre 5 e 12 anos completaram o DFH e responderam a uma entrevista sobre o mesmo. O teste t mostrou que os meninos transplantados apresentaram mais indicadores emocionais que os meninos sem problemas de saúde. Análise de regressão logística evidenciou que o indicador integração pobre das partes e DFH na posição esquerda do papel são características típicas das crianças transplantadas. Os resultados indicam que as crianças transplantadas, especialmente os meninos, possuem maiores riscos de apresentar problemas psicológicos. Uma avaliação sistemática desses pacientes é necessária para minimizar eventuais conseqüências emocionais relacionadas à doença crônica e ao transplante de órgãos na infância.This study aims at examining the presence of emotional indicators in the Draw-A- Person Test (DAP, employing the Koppitz Scoring System, in transplanted and healthy children comparing them according to their gender. Forty-seven transplanted and 88 healthy children aged 5-12 completed the DAP and answered an interview about it. The T-test showed that male transplanted children presented more emotional indicators than male healthy children. Logistic regression analysis (LRA demonstrated that 'poor integration of parts' indicator and DAP in the left side of the paper are typical characteristics of transplanted children. It seems that transplanted children, especially boys, are at higher risk to present psychological problems. A systematic evaluation of those patients is necessary to minimize emotional consequences due to chronic disease and organ transplantation in childhood.

  12. Acidentes de trabalho envolvendo os olhos: avaliação de riscos ocupacionais com trabalhadores de enfermagem Accidentes de trabajo involucrando los ojos: evaluación de riesgos laborales con trabajadores de enfermería Labor accidents involving the eyes: assessment of occupational risks involving nursing workers

    OpenAIRE

    Cristiana Brasil de Almeida; Lorita Marlena Freitag Pagliuca; Ana Lourdes Almeida e Silva Leite

    2005-01-01

    Objetivou-se identificar trabalhadores de enfermagem que sofreram acidentes oculares e o tipo de acidente; descrever as providências tomadas e propor metodologias de Educação em Saúde. Estudo descritivo, exploratório, realizado em maternidade pública, de setembro de 2002 a janeiro de 2003. A coleta de dados ocorreu por meio de observação direta do ambiente e entrevista com os trabalhadores. Os sujeitos foram dez profissionais de enfermagem (uma enfermeira, duas técnicas e sete auxiliares) que...

  13. The Rapid Ice Sheet Change Observatory (RISCO)

    Science.gov (United States)

    Morin, P.; Howat, I. M.; Ahn, Y.; Porter, C.; McFadden, E. M.

    2010-12-01

    The recent expansion of observational capacity from space has revealed dramatic, rapid changes in the Earth’s ice cover. These discoveries have fundamentally altered how scientists view ice-sheet change. Instead of just slow changes in snow accumulation and melting over centuries or millennia, important changes can occur in sudden events lasting only months, weeks, or even a single day. Our understanding of these short time- and space-scale processes, which hold important implications for future global sea level rise, has been impeded by the low temporal and spatial resolution, delayed sensor tasking, incomplete coverage, inaccessibility and/or high cost of data available to investigators. New cross-agency partnerships and data access policies provide the opportunity to dramatically improve the resolution of ice sheet observations by an order of magnitude, from timescales of months and distances of 10’s of meters, to days and meters or less. Advances in image processing technology also enable application of currently under-utilized datasets. The infrastructure for systematically gathering, processing, analyzing and distributing these data does not currently exist. Here we present the development of a multi-institutional, multi-platform observatory for rapid ice change with the ultimate objective of helping to elucidate the relevant timescales and processes of ice sheet dynamics and response to climate change. The Rapid Ice Sheet Observatory (RISCO) gathers observations of short time- and space-scale Cryosphere events and makes them easily accessible to investigators, media and general public. As opposed to existing data centers, which are structured to archive and distribute diverse types of raw data to end users with the specialized software and skills to analyze them, RISCO focuses on three types of geo-referenced raster (image) data products in a format immediately viewable with commonly available software. These three products are (1) sequences of images

  14. Fatores de risco para cicatriz renal após a primeira infeção febril do trato urinário

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Cristina Freitas

    2016-03-01

    Conclusões: Os autores não detetaram nenhum fator de risco clínico, laboratorial ou imagiológico para progressão para lesão renal após um primeiro episódio de ITU febril em crianças entre 1 e 36 meses.

  15. Caracterização da condição física e fatores de risco cardiovascular de policiais militares rodoviários

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    J.V.D.C. Esteves

    2014-06-01

    Conclusão: Os policiais militares rodoviários mostraram-se com níveis inadequados de condição física, apresentando excesso de peso e adiposidade corporais, e, uma parcela importante, exibiu níveis pressóricos elevados, sugerindo elevado risco cardiovascular.

  16. Relacionamento violento na adolescência e risco de DST/AIDS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Taquette Stella R.

    2003-01-01

    Full Text Available Com o objetivo de verificar se o relacionamento afetivo com violência está associado a um maior risco de DST/AIDS, foi realizada uma pesquisa com jovens entre 14 e 22 anos, moradores de comunidades carentes de dois bairros da cidade do Rio de Janeiro. Utilizou-se método qualitativo por meio de grupos focais de gênero e entrevistas individuais. Na análise do material coletado observou-se que a violência faz parte do cotidiano desses jovens nas comunidades em que vivem e dentro de suas próprias famílias. Os fatores identificados como geradores de violência no relacionamento interpessoal foram: falta de dinheiro e de emprego, uso de drogas e álcool, ciúme e infidelidade. Os adolescentes afirmaram que não há negociação quanto ao uso de preservativo quando o parceiro é violento, o que pode ter como conseqüência um maior risco de DST/AIDS. Os resultados indicam que o problema da violência é multifatorial e quando está presente nos relacionamentos interpessoais pode dificultar a proteção em relação às DST/AIDS.

  17. Fatores de risco para a coluna: avaliação em consulta de enfermagem

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Edla de Oliveira Bringuente

    1997-09-01

    Full Text Available O presente trabalho teve como propósito estudar os fatores de risco que afetam a pessoa com dor na couna, identificando-os e implementando uma proposta de intervenção, composta de um programa de educação à saúde, fundamentado no ensino do autocuidado, pressupostos filosóficos humanista-existenciais e abordagens equalizadoras do estresse, dentre elas, atividades reintegradoras músculo-esqueléticas, técnicas básicas de equalízação do estresse e massagens. Foi desenvolvido junto a uma população de 42 clientes, tendo sido utilizados na coleta de dados dois instrumentos que integraram o protocolo de consultas de enfermagem. Os resultados demonstraram a existência de fatores de risco associados e modificáveis mediante programas de educação à saúde. O processo avaliativo contribuiu para que se tivesse uma visão das medidas terapêuticas, utilizando nessa abordagem cuidados não convencionais, contribuindo, outrossim, na melhoria da qualidade de vida desses clientes.

  18. Interação pontas-adjuvantes na estimativa do risco potencial de deriva de pulverizações

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ronaldo P. Madureira

    2015-02-01

    Full Text Available É crescente a preocupação com os riscos da deriva em pulverizações com produtos fitossanitários e seus efeitos sobre o ambiente, sendo cada vez mais importante a utilização de tecnologias que forneçam maior segurança. Objetivou-se avaliar pontas de pulverização de jato plano inclinado e jato plano com indução de ar empregadas na pulverização com diferentes adjuvantes de uso agrícola na estimativa do risco potencial de deriva por meio dos depósitos e espectro das gotas. Os tratamentos consistiram de quatro soluções combinadas a duas pontas de pulverização. Os depósitos foram medidos em diferentes distâncias e alturas, em túnel de vento. Os indicadores relativos ao espectro de gotas foram: porcentagem do volume de gotas com diâmetro menor ou igual a 100 µm, diâmetro da mediana volumétrica (DMV e a amplitude relativa, determinados em um medidor de partículas a laser. A adição do adjuvante polímero vegetal à água propiciou diminuição dos depósitos, redução da porcentagem do volume de gotas com diâmetro menor ou igual a 100 µm e DMV maiores, indicando redução do risco potencial de deriva. Depósitos maiores foram obtidos com a ponta de jato plano inclinado sem adição de adjuvantes à calda, representando maior risco potencial de deriva em pulverização.

  19. Atividade física e escore de risco de Framingham entre idosos: Projeto Bambuí

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jaqueline de Oliveira Santana

    2015-10-01

    Full Text Available Resumo O trabalho explorou a associação entre o gasto energético em atividades físicas e o escore de risco de Framingham entre idosos. Trata-se de um estudo seccional, incluindo 1.473 idosos. A variável dependente foi o nível de atividade física, estimado pela taxa de equivalentes metabólicos, em tercis. As variáveis exploratórias foram os componentes do escore de risco de Framingham e o próprio escore de risco de Framingham. A estimativa da força das associações foi baseada no cálculo do odds ratio e intervalos de confiança, utilizando a regressão logística ordinal. O maior nível de atividade física esteve associado a menores valores do escore de risco de Framingham, menor idade, menor proporção de diabetes e maiores valores médios de HDL. O maior gasto energético esteve ainda associado à menor chance de ser fumante entre os homens. Sugere-se que a adoção de um estilo de vida fisicamente ativo pode reduzir o risco coronariano, sendo o incentivo à prática da atividade física uma estratégia universal de combate às doenças crônicas não transmissíveis.

  20. Dieta habitual e fatores de risco para doenças cardiovasculares

    OpenAIRE

    Cervato Ana Maria; Mazzilli Rosa Nilda; Martins Ignez S.; Marucci Maria de Fátima N.

    1997-01-01

    INTRODUÇÃO: Estudo descritivo por amostragem em munícípio do Estado de São Paulo, Brasil, em 1990, com objetivo de analisar, mediante entrevistas domiciliares, a dieta habitual e fatores de risco para doenças cardiovasculares em indivíduos maiores de 20 anos. METODOLOGIA: Foram entrevistados 557 indivíduos, de idade entre 20 e 88 anos, que fazem parte de subamostra de um estudo global na região. A dieta habitual, identificada pelo histórico alimentar foi comparada às recomendações da OMS e os...

  1. Estudo clínico-laboratorial e dos principais fatores de riscos em vacas com distocias.

    OpenAIRE

    Alonso Pereira Silva Filho

    2011-01-01

    A ocorrência de distocias em vacas representa um grande empecilho num sistema de produção, elevando os custos e alguns riscos para a parturiente. Com isso objetivou-se realizar um estudo retrospectivo dos achados clínico-epidemiológicos em vacas acometidas com distocias, atendidas na rotina clínica da Clínica de Bovinos, Campus Garanhuns (CBG) da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE), onde foram resgatadas informações das fichas clinicas de vacas (n = 837), com situações de distoc...

  2. Paralisia do Plexo Braquial. Prevalência e factores de risco

    OpenAIRE

    Caldeira, Teresa; Santos,Mafalda; Teixeira Valente, Eugénio; Vilarinho, António

    2014-01-01

    Objectivos: Determinar a prevalência da paralisia do plexobraquial na população nascida num hospital de apoio perinataldiferenciado da região do Grande Porto, e identificar possíveisfactores de risco associados.Material e métodos: Estudo caso-controlo anichado em estudotransversal de determinação da prevalência dos casos de paralisiado plexo braquial detectados ao nascimento nos anos de 1999--2003. Os casos foram comparados com uma amostra aleatória de60 recém-nascidos contemporâneos (control...

  3. Comportamento de risco para ortorexia nervosa em estudantes de nutrição

    OpenAIRE

    Quetsia Jackeline Octacilio Vitorino de Souza; Alexandra Magna Rodrigues

    2014-01-01

    Objetivo Identificar comportamento de risco para o desenvolvimento de ortorexia nervosa em estudantes de Nutrição. Métodos Estudo descritivo e transversal. Participaram da pesquisa estudantes de Nutrição, do sexo feminino, com 18 anos de idade ou mais, de uma universidade do Vale do Paraíba do Sul/SP. Foram aplicados três instrumentos, sendo o primeiro para obter informações sobre idade, altura e massa corporal referidos, e ano do curso. Os dados d...

  4. Risco nutricional entre gestantes adolescentes Riesgo nutricional entre gestantes adolescentes Nutritional risks among pregnant teenagers

    OpenAIRE

    Glayriann Oliveira Belarmino; Escolástica Rejane Ferreira Moura; Nancy Costa de Oliveira; Giselle Lima de Freitas

    2009-01-01

    OBJETIVOS: Identificar o acometimento de risco nutricional em gestantes adolescentes; averiguar hábitos alimentares; e verificar percepções destes quanto à importância de nutrição adequada na gravidez. MÉTODOS: Estudo de campo realizado no Centro de Desenvolvimento Familiar, em Fortaleza-CE, com 40 gestantes adolescentes. A avaliação nutricional foi efetuada com o auxílio do "Gráfico de acompanhamento nutricional da gestante" e os hábitos alimentares foram conferidos pela "Técnica de alimenta...

  5. Fatores de risco criminal e competências emocionais em ofensores

    OpenAIRE

    2015-01-01

    Tese de mestrado, Psicologia (Secção de Psicologia Clínica e da Saúde, Núcleo de Psicoterapia Cognitiva-Comportamental e Integrativa), Universidade de Lisboa, Faculdade de Psicologia, 2015 Por forma a compreender parte da génese do comportamento criminal, propõem-se explorar os fatores de risco criminal, alexitimia e regulação emocional numa população de ofensores. O presente estudo contou com 92 participantes reclusos (dos quais 30 condenados por crimes contra a autodeterminação sexual, 3...

  6. Sobre palavras que vendem coisas: o glossário do risco em anúncios de revistas On words that sell things: risk glossaries in media advertisements

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mary Jane P. Spink

    2007-04-01

    Full Text Available Este artigo visa entender como a linguagem dos riscos, nas suas diferentes tradições (risco-perigo, risco-probabilidade e risco-aventura, é utilizada para vender produtos em anúncios veiculados em revistas vendidas em bancas. Com esse objetivo, tomamos os anúncios como gêneros de discurso que fazem circular materialidades (artefatos cotidianos passíveis de comercialização (na forma de bens simbólicos e que são necessariamente endereçados a públicos específicos. Foi definida uma amostra de 101 revistas com base nas categorias utilizadas pelo Anuário de Mídia - Revistas. A análise levou em consideração as palavras empregadas nos anúncios, a categoria de produtos e a temática da revista. Conclui-se que, embora os riscos vendam produtos, trata-se mais do controle de riscos potenciais do que de apologia do risco. Mesmo quando os produtos são associados ao risco-aventura, vendem-se, de fato, emoções associadas à experiência do risco que são sustentadas por uma diversidade de estratégias de segurança.The aim of this research was to understand how the discursive traditions (risk as danger; risk as probability and risk as adventure of the language of risk are used in magazine advertisements. Advertisements were defined as genres of discourse that put into circulation materiality (quotidian artifacts that can be commercialized (as symbolic goods and are necessarily addressed to a specific public. A sample of 101 magazines was defined using the categories of the Anuário de Mídia - Revistas. The analysis took into account the words used in the advertisements, the category of goods been advertised and the type of magazine in which they appeared. Although risk does sell products, the focus tends to be on risk control rather than on an apology of risk. Even when products are associated to risk as adventure, what is being sold is the sensation of risk counterbalanced by a diversity of safety strategies.

  7. La familia y los factores de riesgo relacionados con el consumo de alcohol y tabaco en los niños y adolescentes (Guayaquil-Ecuador) A família e os fatores de risco associados ao consumo de álcool e tabaco em crianças e adolescentes (Guayaquil-Equador) Family and risk factors related to alcohol consumption and smoking among children and adolescents (Guayaquil-Equador)

    OpenAIRE

    2005-01-01

    La presente investigación tienen como objetivo el de identificar en un ambiente familiar los posibles factores de riesgo relacionados con el uso de alcohol y tabaco en los niños y adolescentes. Es importante destacar que estudio de esta naturaleza dentro de una perspectiva socio-cultural expresa la tentativa de comprender los factores de riesgo para el uso de bebidas alcohólicas y tabaco y enfrentar las influencias ambientales en el entorno familiar con vistas a prevenir futuros casos de depe...

  8. Resultados maternos e neonatais dos partos normais de baixo risco assistidos por enfermeiras e médicos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriana Lenho de Figueiredo Pereira

    2012-12-01

    Full Text Available O presente trabalho trata-se de pesquisa documental e retrospectiva que avaliou os registros da assistência ao parto normal e nascimentos de baixo risco em uma maternidade pública do município do Rio de Janeiro. Os objetivos foram descrever o perfil assistencial dos partos normais atendidos por enfermeiras e médicos e analisar as similaridades e as diferenças nos resultados maternos e neonatais desses atendimentos. Os dados receberam tratamento estatístico descritivo, foram aplicados os testes “F” de Fisher e o “t” de Student, com nível de significância p<0,05. As condutas de dieta zero, hidratação venosa e ocitocina no trabalho de parto são adotadas por ambos profissionais. Houve diferença significativa (p<0,01 para realização de episiotomia entre as enfermeiras (15% e os médicos (64,3%. Os resultados maternos e neonatais dos partos normais de baixo risco atendidos pelas enfermeiras e médicos foram semelhantes.

  9. Análise do risco setorial como instrumento de controle gerencial em instituições financeiras

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ivan Ricardo Gartner

    2009-10-01

    Full Text Available O processo de tomada de decisões de financiamento e investimento é influenciado pelo grau de risco inerente às variáveis consideradas. Este artigo enfoca as variáveis de risco dos setores e segmentos econômicos, que condicionam as decisões das instituições financeiras quanto à concessão do crédito, bem como seu controle durante o período do financiamento. O objetivo é apresentar uma forma alternativa de avaliar o grau de risco dessas variáveis, utilizando uma abordagem que agregue a multiplicidade de critérios das mais diversas dimensões em um sistema único de avaliação. Para tanto, foi utilizado o método AHP; os resultados da aplicação apresentam uma proposta de classificação de risco dos setores e segmentos econômicos da economia brasileira.

  10. Paramentação cirúrgica: avaliação de sua adequação para a prevenção de riscos biológicos em cirurgias - parte II: os componentes da paramentação Surgical scrub: evaluating its adequation for preventing Biological risks in surgeries. part II: the components of the surgical scrub

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cibele Estanislau da C. Monteiro

    2000-06-01

    Full Text Available O estudo elaborou critérios de avaliação dos componentes da paramentação cirúrgica de hospitais do município de São Paulo. A maior dificuldade nessa elaboração deveu-se à inexistência de normas e consenso sobre a porosidade dos tecidos como barreira microbiológica e de contato com sangue e outros fluidos. Contudo, foi possível reconhecer aspectos positivos e problemáticos. Observou-se que existe semelhanças dos componentes entre os hospitais, no que se refere a modelo e tipo de tecido. As luvas foram os componentes com maior índice de adequação e os propés, os de maior índice de inadequação. O aspecto mais problemático referiu-se aos controles de aquisição e de reprocessamento dos componentes re-utilizáveis.The study elaborated evaluation patterns of the components of the surgical scrub in hospitals of the district of São Paulo. The most important difficulty was the lack of rules and consent on the types of the fabrics, as a microbiological and contact with blood and other fluids barrier. However, it was possible to identify positive and problematic aspects. It was observed that the components are similar among the hospitals, considering the design and the way of fabrics production. Gloves were the ones with the best quality results, while shootweares were the worst. The most problematic aspect was referred to the acquisition controls and the re-use process of the components.

  11. Avaliação do risco de contaminação da água subterrâneas na região oeste da Bahia pelo inseticida carbofuran empregando os modelos Attenuation Factor (AF e Retardation Factor (RF

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    J. L. O. Santos

    2014-11-01

    Full Text Available Neste trabalho realizou-se estudos do potencial de contaminação de água subterrânea pelo  inseticida carbofuran (2,3-dihidro-2,2-dimetilbenzenofuran-7-metilcarbamato, pela estimativa da lixiviação no perfil de 0 -10 cm e 10-20 cm do latossolo de uma área de plantio de soja, milho e algodão no município de Barreiras, região Oeste da Bahia. Os parâmetros de lixiviação foram avaliados empregando os modelos Attenuation Factor (AF e Retardation Factor (RF, dois índices usados como indicadores do potencial de contaminação de água subterrânea. Com base nos valores estimados pelos modelos, verificou-se que do total do aporte de pesticidas que atinge o solo, 35% se concentrou a 10 cm de profundidade. Deste, 26% consegue se difundir até a profundidade de 20 cm do perfil do solo. Os resultados estimados pelos modelos demonstraram a probabilidade de contaminação das águas subterrâneas pela lixiviação do carbofuran.

  12. Ampolas de vidro: riscos e benefícios

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antônio Roberto Carraretto

    2011-08-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVAS E OBJETIVOS: Ampolas de vidro têm sido amplamente utilizadas no acondicionamento de fármacos. O vidro apresenta importantes características que lhe conferem o uso amplo na fabricação de recipientes para o acondicionamento de fármacos e outras substâncias estéreis. No entanto, a contaminação das soluções com micropartículas de vidro durante a abertura, a presença de metais, acidentes pérfuro-cortantes e contaminações biológicas justificam a necessidade de materiais educativos que orientem a manipulação dessas ampolas. CONTEÚDO: As micropartículas de vidro geradas na abertura das ampolas podem ser aspiradas e injetadas nas mais diversas vias, assim como os metais que contaminaram o conteúdo das ampolas. As contaminações exógenas por vidros e metais podem alcançar diversos sítios no organismo. Desencadeiam-se reações orgânicas que podem dar origem a lesões. Abrir ampolas pode expor o profissional ao risco de lesões pérfuro-cortantes. Essas lesões aumentam o risco biológico em razão de serem a porta de entrada para vírus e bactérias. Sistemas de abertura de ampolas (VIBRAC E OPC foram desenvolvidos para reduzir a incidência de tais acidentes. Materiais alternativos ao vidro podem representar uma estratégia interessante para aumentar a segurança. O uso de seringas esterilizadas pré-preparadas pelo fabricante pode consistir em uma evolução em relação à segurança. CONCLUSÃO: O treinamento da equipe e o esclarecimento por parte da indústria farmacêutica quanto ao uso de ampolas mostram-se fundamentais na profilaxia de acidentes e contaminações. Ainda é necessário descobrir novos sistemas de abertura de ampolas de forma mais segura. Não menos importante será a busca de materiais seguros que sirvam de alternativa ao uso do vidro.

  13. Aplicação de índice comparativo na avaliação do risco de degradação das terras

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    S. B. L. Ranieri

    1998-12-01

    Full Text Available A determinação do risco de degradação das terras em uma microbacia hidrográfica constitui importante subsídio para o planejamento agrícola e ambiental. A tendência atual é que as informações necessárias para a avaliação das terras sejam compatíveis com técnicas de geoprocessamento e tratadas de forma menos subjetiva. Todavia, critérios ou parâmetros que avaliem quantitativamente o risco de degradação das terras e que sejam compatíveis com a escala de microbacia hidrográfica e aplicáveis por meio de Sistemas de Informação Geográfica (SIGs ainda precisam ser mais bem definidos. O objetivo deste trabalho, realizado no segundo semestre de 1996, foi elaborar um método de avaliação comparativa do risco de degradação das terras na bacia hidrográfica dos Marins (Piracicaba, SP, sob diferentes cenários de uso, utilizando SIG. Os mapas de risco de degradação foram gerados com base em matrizes de decisão para os seguintes cenários de uso: (a sem cobertura vegetal; (b uso atual da terra; (c uso único; (d uso redistribuído; (e uso planejado. Os resultados foram comparados por um índice denominado "Índice Ponderado de Risco de Degradação (IP D". Por meio desse índice foi possível comparar quantitativamente o risco de degradação para os cenários de uso propostos. Os resultados mostraram que a tentativa de alterar apenas a distribuição espacial dos usos da terra não foi suficiente para diminuir o risco de degradação final da área, caracterizando, assim, a superutilização das terras da microbacia. Para diminuir os impactos causados por essa superutilização, faz-se necessária a definição de critérios de restrição de ocupação que conciliem áreas de maior suscetibilidade à erosão com usos que ofereçam maior proteção ao solo, levando à diminuição da área ocupada com culturas anuais e semiperenes.

  14. Proposta de ferramenta para o gerenciamento do risco operacional nas operações realizadas pela torre de controle no Aeroporto Internacional de São Paulo - Guarulhos

    OpenAIRE

    Erik Augusto Geraldis

    2012-01-01

    Os profissionais do serviço de tráfego aéreo usualmente trabalham prestando um serviço ininterrupto composto pelas mais diversas composições de eventos, o que eventualmente pode proporcionar riscos aos usuários e comunidade aeronáutica. A segurança neste serviço depende, dentre outros fatores, da capacidade de identificar perigos e do gerenciamento dos riscos inerentes à atividade. Com o objetivo de identificar perigos no serviço de controle de tráfego aéreo prestado pela Torre de Controle do...

  15. Imagem corporal e comportamentos de risco para transtornos alimentares em bailarinos profissionais Body image and risk behavior for eating disorders in professional ballet dancers

    OpenAIRE

    Lena Guimarães Ribeiro; Gloria Valeria da Veiga

    2010-01-01

    INTRODUÇÃO E OBJETIVO: A grande preocupação com a aparência e a forma física e a constante pressão para manterem baixo peso corporal são fatores que levam a distorções da imagem corporal e tornam os bailarinos um grupo de risco para o desenvolvimento de transtornos alimentares (TA). O objetivo deste estudo foi avaliar a percepção da imagem corporal e sua associação com comportamentos de risco para TA em bailarinos profissionais. MÉTODOS: Foram estudados 61 bailarinos (39 mulheres e 22 homens)...

  16. Análise de riscos tecnológicos ambientais: perspectivas para o campo da saúde do trabalhador

    OpenAIRE

    Porto, Marcelo Firpo de Souza; Freitas,Carlos Machado de

    1997-01-01

    O objetivo deste artigo é trazer para o âmbito da saúde pública, particularmente para o campo da Saúde do Trabalhador, questões teóricas e desafios colocados pelos denominados riscos tecnológicos ambientais, os quais se relacionam e ultrapassam o universo dos ambientes de trabalho. Partindo-se dos riscos químicos industriais, demonstra-se a vulnerabilidade das sociedades contemporâneas face aos mesmos e seu agravamento nos países de economia periférica. Em seguida, apresenta-se o escopo das a...

  17. Construção de um software para avaliação do risco de úlcera por pressão em Unidade Terapia Intensiva

    OpenAIRE

    Silva, Camila Polo Camargo da [UNESP

    2013-01-01

    Pacientes sob cuidados intensivos têm geralmente alto risco para o desenvolvimento de úlcera por pressão (UP), isto devido às condições clínicas e aos fatores extrínsecos que estão expostos até sua reabilitação. Dentre o rol de indicadores de qualidade em unidade de terapia intensiva (UTI), a UP é um dos indicadores pertinente que reflete a qualidade assistencial da unidade. Este estudo teve como objetivos desenvolver um software para identificar os fatores de risco associados à UP, testar o ...

  18. Estratégias de redução de risco percebido na compra e no consumo de carne bovina

    OpenAIRE

    Pereira, Luís Henrique

    2010-01-01

    Confrontado com o alarmante discurso social que favorece a percepção do risco do alimento à saúde, os consumidores modernos encontram-se em uma situação de desconforto psicológico causada pelo consumo de alimentos que vêm da indústria agrícola e de gêneros alimentícios. Para eliminar este desconforto, o consumidor pode mudar seus hábitos de compra e de consumo ou introduzir algumas medidas para reduzir este risco. Desde que o mundo do marketing foi introduzido a este conceito por Bauer, a teo...

  19. Estudo da influência do Sarbanes-Oxley Act of 2002 sobre o gerenciamento do risco operacional em instituições financeiras brasileiras

    OpenAIRE

    Camazano, Magali Aparecida

    2008-01-01

    A desregulamentação e a globalização dos serviços financeiros associadas à sofisticação das tecnologias financeiras têm aumentado a complexidade das atividades bancárias e a conseqüente exposição dos bancos ao risco operacional. Casos diversos de perdas catastróficas relacionadas ao risco operacional se fizeram presentes nos últimos 10 anos, a exemplo da quebra do tradicional Barings Bank, na Inglaterra. Por decorrência, o Novo Acordo de Capital da Basiléia (Basiléia II), divul...

  20. Influenza pandêmica A (H1N1) 2009: fatores de risco para o internamento Pandemic influenza A (H1N1) 2009: risk factors for hospitalization

    OpenAIRE

    2012-01-01

    OBJETIVO: Avaliar os aspectos da influenza pandêmica A (H1N1) 2009 em pacientes hospitalizados a fim de identificar os fatores de risco para o internamento e, consequentemente, para o agravamento da doença. MÉTODOS: Estudo observacional e retrospectivo realizado entre março e dezembro de 2010. Os dados foram coletados a partir do Sistema Nacional de Agravos de Notificação do Ministério da Saúde. Foram incluídos somente os pacientes hospitalizados e não hospitalizados com confirmação laborator...

  1. Jornalismo científico e risco epidemiológico Scientific journalism and epidemiological risk

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Olinda do Carmo Luiz

    2007-06-01

    Full Text Available A importância dos meios de comunicação na construção simbólica tem sido reconhecida por diversos segmentos. Dentre as inúmeras matérias nos jornais diários sobre saúde, muitas se referem a estudos médicos cujas fontes são publicações científicas tendo como foco um novo risco. A divulgação nos meios de comunicação de massa sobre os estudos de risco também é tema de editoriais e artigos em revistas científicas, enfocando o problema das distorções e a elaboração de notícias contraditórias. O presente artigo tem como objetivo explorar os significados e conteúdos da divulgação científica dos estudos sobre risco nos jornais diários de grande circulação. Foram analisadas as notícias e as respectivas publicações científicas que serviram de fonte durante o ano de 2000. Observou-se que "risco" é apresentado nas pesquisas científicas como uma "caixa preta" na acepção de Latour e que as notícias ocultam as controvérsias científicas e atribuem uma dimensão maior à associação entre hábitos comportamentais e a ocorrência das doenças, ressaltando ainda mais os aspectos individuais da abordagem epidemiológica em detrimento do enfoque coletivo.The importance of the communications media in the construction of symbols has been widely acknowledged. Many of the articles on health published in the daily newspapers mention medical studies, sourced from scientific publications focusing on new risks. The disclosure of risk studies in the mass media is also a topic for editorials and articles in scientific journals, focusing the problem of distortions and the appearance of contradictory news items. The purpose of this paper is to explore the meaning and content of disclosing scientific risk studies in large-circulation daily newspapers, analyzing news items published in Brazil and the scientific publications used as their sources during 2000. The "risk" is presented in the scientific research projects as a "black box

  2. O sentido do risco The meaning of risk

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Salvatore La Mendola

    2005-11-01

    Full Text Available O risco é um tema central da cultura da modernidade. A cultura dominante na modernidade tem a pretensão de afirmar como universal a idéia de que o perigo deve ser enfrentado segundo os princípios do racionalismo individualista e utilitarista, que devem guiar o agente que assume a responsabilidade pelo risco. O risco adquire forma e relevância particulares para a fase juvenil na medida em que representa um processo de construção, experimentação e afirmação da própria identidade. Um processo cada vez mais fragmentado e ambíguo que, atualmente, realiza-se por meio de um alongamento da transição à vida adulta no âmbito de uma dinâmica geral de desinstitucionalização do curso da vida. Está em jogo aqui outro impulso típico da modernidade: o da reflexividade que, como sugere Giddens, é o desafio crucial da fase radical da modernidade. Podemos reconhecer nas ações dos jovens, em particular precisamente naquelas de tipo arriscado, a realização do imperativo de duvidar: por meio de seu agir, cancelam a suspensão da dúvida e realizam uma forma pragmática de reflexividade. A modernidade radical encontra-se diante de desafios. Tem, antes de tudo, a necessidade de identificar palcos para a construção e a experimentação pragmática de dinâmicas de confiança. Deve, além disso, mostrar-se capaz de consentir no aumento do poder decisório dos sujeitos, inscrevendo o emprego de tais poderes em vínculos sociais que, além de demonstrarem-se efetivamente eficazes e não ambivalentes, consigam, ao mesmo tempo, levar em conta tanto a dimensão emocional como as necessidades de confiabilidade relacional das pessoas envolvidas.The risk is a central theme of the culture in modernity. The dominant culture in modernity has the pretension of affirming as universal the idea that dangers should be faced according to the principles of individualistic rationalism and utilitarianism that should guide the agent that takes the responsibility

  3. Adiponectina sérica e risco cardiometabólico em pacientes com síndromes coronarianas agudas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gustavo Bernardes de Figueiredo Oliveira

    2013-11-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: O tecido adiposo representa não somente uma fonte de energia estocável, mas principalmente um órgão endócrino que secreta várias citoquinas. A adiponectina, uma nova proteína semelhante ao colágeno, foi descoberta como uma citoquina específica do adipócito e um promissor marcador de risco cardiovascular. OBJETIVO: Avaliar a associação entre os níveis séricos da adiponectina e o risco para a ocorrência de eventos cardiovasculares, em pacientes com síndromes coronarianas agudas (SCA, e as correlações entre adiponectina e os biomarcadores metabólicos, inflamatórios e miocárdicos. MÉTODOS: Foram recrutados 114 pacientes com SCA, com seguimento médio de 1,13 ano para avaliação de desfechos clínicos. Modelos de regressão de risco proporcional de Cox com penalização de Firth foram construídos para determinar a associação independente entre adiponectina e o risco subsequente dos desfechos primário (composto de óbito cardiovascular/IAM não fatal/AVE não fatal e coprimário (composto de óbito cardiovascular/ IAM não fatal/AVE não fatal/re-hospitalização requerendo revascularização. RESULTADOS: Houve correlações diretas e significantes entre adiponectina e idade, HDL-colesterol e BNP, e inversas e significantes entre adiponectina e circunferência abdominal, peso corporal, índice de massa corporal, índice HOMA, triglicerídeos e insulina. A adiponectina foi associada a maior risco para os desfechos primário e coprimário (HR ajustado 1,08 e 1,07/incremento de 1.000, respectivamente, p = 0,01 e p = 0,02. CONCLUSÃO: Em pacientes com SCA, a adiponectina sérica foi preditor de risco independente para eventos cardiovasculares. De modo adicional às correlações antropométricas e metabólicas, a adiponectina mostrou correlação significante com BNP.

  4. Risco de suicídio em gestantes de alto risco: um estudo exploratório Risk of suicide in high risk pregnancy: an exploratory study

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gláucia Rosana Guerra Benute

    2011-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Identificar o risco para comportamento suicida em gestantes de alto risco em um hospital público de São Paulo. MÉTODOS: Foi realizada entrevista semiestruturada com questionário previamente elaborado com cada uma das participantes (n = 268. O risco para suicídio foi identificado por meio da versão em português do PRIME-MD. RESULTADOS: A média de idade foi de 29 anos (SD = 0,507 e 30 semanas gestacionais (SD = 0,556. Constatou-se risco específico para suicídio em 5% (n = 14 do total da amostra. Destas gestantes, 85% têm relacionamento estável (casada ou amasiada, em 50% dos casos a gestação foi planejada, 71% têm religião e não exercem atividade profissional. Quando correlacionados os dados de estado civil, planejamento da gestação, idade, escolaridade, atividade profissional, risco de prematuridade e religião com risco para suicídio, constatou-se que ter uma religião apresentou significância estatística (p = 0,012. Não foram encontradas associações positivas para nenhum dos outros itens selecionados, quando comparados com o risco para suicídio. Ao correlacionar o risco de suicídio com os demais sintomas característicos de depressão maior, observou-se significância estatística em relação à insônia ou hipersonia (p = 0,003, fadiga ou perda de energia (p = 0,001, diminuição ou aumento do apetite (p = 0,005, menor interesse nas atividades diárias (p = 0,000, humor deprimido (p = 0,000, sentimento de inutilidade ou culpa (p = 0,000, diminuição da concentração (p = 0,002, agitação ou retardo psicomotor (p = 0,002. CONCLUSÃO: Observou-se que a religião pode ser um fator protetor com relação ao comportamento suicida. Além de propiciar uma rede social de apoio da qual as mulheres necessitam no período gravídico, as religiões apoiam as crenças na vida após a morte e em um Deus amoroso, propiciando objetivos a vida e autoestima e fornecendo modelos de enfrentamento de crises. Os resultados

  5. Avaliação de risco nos focos de febre aftosa em bovinos: Minas Gerais, 1992 a 1994

    OpenAIRE

    Jorge Caetano Junior

    1996-01-01

    Com o objetivo de caracterizar, com base na distribuição interna das diversas categorias de bovinos existentes, o perfil da propriedade de risco para a febre aftosa, utilizaram-se 808 registros de atendimento dos rebanhos afetados pela doença no Estado de Minas Gerais, Brasil, durante o período de janeiro de 1992 a dezembro de 1994. Foram comparadas as produções de vacas e outras categorias de bovinos entre as propriedades afetadas e os municípios onde estas se encontravam inseridas. Os resul...

  6. Prevalência de diabetes mellitus tipo 2 e outros fatores de risco associados em pacientes com glaucoma

    OpenAIRE

    Coblentz,Jacqueline; Pires,Maria Lucia Elias; Oliveira, Diogo; Lebeis,Karina; Terrezo,Larissa

    2010-01-01

    OBJETIVO: Avaliar a prevalência de diabéticos em uma amostra de pacientes com glaucoma; verificar se existe associação entre diabetes mellitus e glaucoma na amostra estudada; verificar outros fatores de risco associados. MÉTODOS: Foram analisados de forma retrospectiva os prontuários de 50 pacientes com diagnóstico de glaucoma. Os dados registrados foram sexo, idade, raça, história familiar de glaucoma e história pessoal de diabetes mellitus tipo 2. RESULTADOS: Do total de pacientes avaliados...

  7. Dieta habitual e fatores de risco para doenças cardiovasculares

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Maria Cervato

    1997-06-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: Estudo descritivo por amostragem em munícípio do Estado de São Paulo, Brasil, em 1990, com objetivo de analisar, mediante entrevistas domiciliares, a dieta habitual e fatores de risco para doenças cardiovasculares em indivíduos maiores de 20 anos. METODOLOGIA: Foram entrevistados 557 indivíduos, de idade entre 20 e 88 anos, que fazem parte de subamostra de um estudo global na região. A dieta habitual, identificada pelo histórico alimentar foi comparada às recomendações da OMS e os fatores de risco estudados (obesidade, dislipidemias, diabetes melito diagnosticados pelo Índice de Massa Corpórea e dosagens bioquímicas. RESULTADOS E CONCLUSÕES: Observou-se que 60% da população consome dieta com energia total abaixo da estimativa das necessidades e que a contribuição calórica dos carboidratos foi de 56%, dos lipídios de 29% e das proteínas de 15%. Entretanto, na análise por percentil, a contribuição calórica dos lipídios e das proteínas encontra-se muito acima dos padrões recomendados em detrimento dos carboidratos. A energia, distribuição calórica e quantidade de colesterol foi adequada em apenas 5% das dietas. Dentre os fatores de risco para doenças cardiovasculares estudados observou-se a prevalência de obesidade em 38% dos indivíduos, de dislipidemias em 26% e de diabetes melito em 5%. A atividade física leve preponderante com dieta inadequada, tanto em termos de qualitativos quanto quantitativos, agravam ainda mais esse quadro.

  8. Dieta habitual e fatores de risco para doenças cardiovasculares

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cervato Ana Maria

    1997-01-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: Estudo descritivo por amostragem em munícípio do Estado de São Paulo, Brasil, em 1990, com objetivo de analisar, mediante entrevistas domiciliares, a dieta habitual e fatores de risco para doenças cardiovasculares em indivíduos maiores de 20 anos. METODOLOGIA: Foram entrevistados 557 indivíduos, de idade entre 20 e 88 anos, que fazem parte de subamostra de um estudo global na região. A dieta habitual, identificada pelo histórico alimentar foi comparada às recomendações da OMS e os fatores de risco estudados (obesidade, dislipidemias, diabetes melito diagnosticados pelo Índice de Massa Corpórea e dosagens bioquímicas. RESULTADOS E CONCLUSÕES: Observou-se que 60% da população consome dieta com energia total abaixo da estimativa das necessidades e que a contribuição calórica dos carboidratos foi de 56%, dos lipídios de 29% e das proteínas de 15%. Entretanto, na análise por percentil, a contribuição calórica dos lipídios e das proteínas encontra-se muito acima dos padrões recomendados em detrimento dos carboidratos. A energia, distribuição calórica e quantidade de colesterol foi adequada em apenas 5% das dietas. Dentre os fatores de risco para doenças cardiovasculares estudados observou-se a prevalência de obesidade em 38% dos indivíduos, de dislipidemias em 26% e de diabetes melito em 5%. A atividade física leve preponderante com dieta inadequada, tanto em termos de qualitativos quanto quantitativos, agravam ainda mais esse quadro.

  9. Avaliação da presença de risco para queda em idosos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tatiana Rocha Machado

    2009-03-01

    Full Text Available As quedas são um importante fator causal para a dependência dos idosos, pois, estão relacionadas a um índiceelevado de incapacidade e de mortalidade. Objetivou-se avaliar os fatores de risco para quedas presentes em umgrupo de idosos de acordo com o diagnóstico de enfermagem “Risco para quedas” da NANDA (versão 2001/2002 edeterminar o grau de susceptibilidade aumentado para quedas nos idosos segundo a “Escala de risco de quedas deDownton”. Estudo descritivo realizado com 24 idosos no período de janeiro a julho de 2003 em um centro de saúde deFortaleza/CE. Distribuiu-se os fatores em: maior freqüência; menor freqüência e as categorias não citadas. Fatores derisco mais citados: quedas (87,5%; idade igual ou superior a 65 anos (70,8%; dificuldades visuais (95,8%;medicações (75%; quarto não familiar (62,5% e ausência de antiderrapante (95,8%. O processo deenvelhecimento provoca inúmeras alterações no organismo humano, podendo levar o indivíduo a sofrer mudanças noseu cotidiano ao longo do tempo, como a necessidade de ajuda para realizar as atividades de vida diária. As quedasneste grupo etário podem ser consideradas como fatores significativos de alerta a fim de evitar seqüelas físicas eemocionais decorrentes desses eventos.

  10. O que pensam os pequenos agricultores da Argentina sobre os cultivos geneticamente modificados?

    OpenAIRE

    Massarani, Luisa; Polino,Carmelo; Cortassa,Carina; Fazio,María Eugenia; Vara,Ana María

    2013-01-01

    Ao longo dos últimos quinze anos, a Argentina tornou-se um dos maiores produtores e exportadores mundiais de cultivos geneticamente modificados (GM). Neste processo, questões como riscos ambientais, vantagens e desvantagens econômicas, a intensificação das desigualdades entre grandes e pequenos agricultores, entre outras, têm sido debatidas por diversos atores sociais. No entanto, os pequenos agricultores permanecem, em grande parte, ausentes da discussão. Neste artigo, são apresentados os re...

  11. A percepção pública da informação sobre os potenciais riscos dos transgênicos na cadeia alimentar The public perception of information about the potential risks of genetically modified crops in the food chain

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ariadne Chloë Furnival

    2008-06-01

    Full Text Available No atual contexto da introdução dos transgênicos na cadeia alimentar brasileira, apresentamos os resultados de estudo que empregou o método qualitativo de grupos focais para levantar as interpretações do público em relação à informação disponível sobre essa inovação biotecnológica. A utilização desse método permitiu gerar resultados que revelaram as relações construídas pelos participantes da pesquisa entre essa modalidade da biotecnologia, as mudanças no meio ambiente e a produção de alimentos em geral. Os resultados apontam particularmente para o modo como os participantes identificaram a falta de informação compreensível, tanto na mídia de massa quanto nos rótulos de produtos, como principal fonte dos seus sentimentos de desconfiança em relação aos transgênicos.At a time when genetically modified (GM crops are entering the Brazilian food chain, we present the findings of a study that makes use of a qualitative technique involving focal groups to look into the public's interpretation of the information available about this biotechnological innovation. This methodology produced results that revealed the interconnections drawn by the research subjects between this form of biotechnology, changes to the environment, and food production in general. The mistrust expressed about GM crops was particularly attributed by the participants to the non-availability of comprehensible information in the mass media or on product labels.

  12. Fatores determinantes do risco país brasileiro: uma análise empírica do risco país específico Determinant Factors of Brazilian Country Risk: An Empirical Analysis of Specific Country Risk

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mariana Felix Teixeira

    2008-07-01

    Full Text Available Muitos estudos em finanças internacionais tentam investigar até que ponto fatores econômicos externos e internos constituem fatores determinantes significativos do risco-país. O presente artigo tem como finalidade estudar o Risco Brasil no período 1992-2003, com base em três modelos: i o primeiro modelo analisa os determinantes econômicos internos do risco-país; ii o segundo modelo tem o mesmo propósito do primeiro, sendo que a variável grau de aversão ao risco global, que serve de proxy para o componente externo do risco, é incluída no grupo de variáveis explicativas; iii no último modelo, o enfoque é sobre a relação entre o risco-país específico (risco-país menos o componente externo e os fundamentos econômicos. Many studies in international finance try to investigate to what extent domestic and external economic factors constitute significant determinant factors of international country risk. This article tries to analyze, for the period 1992-2003, Brazilian country risk from the point of view of three empirical models: i First, the internal economic determinants of the country risk; ii the second has the same purpose as the first, with the difference that the variable “intensity of global risk aversion”, that serves as proxy for the external component of the risk, is included in the group of explanatory variables; iii in the last model the emphasis is on the relation between specific country risk (country risk minus the external component and the internal and external economic determinants.

  13. Proposta de um modelo de assistência sócio educativa para os centros correcionais públicos do Brasil: uma forma de abordar a problemática dos meninos e meninas de rua ou em situação de risco

    OpenAIRE

    Valderrama Gerbasi, Adalberto Ramón

    2003-01-01

    Consultable des del TDX Títol obtingut de la portada digitalitzada Presenta una amplia exposición sobre el panorama socioeconómico brasileño, observa y analiza el funcionamiento de catorce instituciones públicas o privadas de asistencia social para niños y niñas de la calle o en situación de riesgo en la busca de informaciones para el desarrollo de pesquisa. Para la colecta de los datos utiliza entrevistas semiestructuradas, englobando una población de 35 personas y profesionales de dif...

  14. Análise e gerenciamento de efluentes de serviços de radiologia Analysis and management of effluents from radiology departments

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Geraldo Sérgio Fernandes

    2005-09-01

    Full Text Available OBJETIVO: Com o intuito de prevenir e minimizar os riscos de ocorrência de danos ambientais, foram avaliados a manipulação e o destino final dos rejeitos e foi elaborado um modelo de gestão para serviços de radiodiagnóstico que visa à obtenção de recursos para o setor. MATERIAIS E MÉTODOS: Foram analisados a manipulação e os rejeitos, baseados em análises de amostras de efluentes das processadoras automáticas de filmes de serviços de radiologia. Foi feita uma análise econômica da viabilidade do modelo proposto. RESULTADOS: As observações in loco enfatizam que os princípios da gestão devem ser obedecidos, ou seja, os componentes dos efluentes (revelador, fixador e água de lavagem necessitam ser tratados convenientemente antes de serem lançados direta ou indiretamente no meio ambiente, o que não ocorre. A análise econômica confirmou que a receita resultante da comercialização da prata (que varia de 3,5 a 10,2 g/l, recuperada a partir do fixador usado, acrescida da economia proporcionada pela reciclagem do fixador após seu beneficiamento, na pior das hipóteses (quando existe concentração de prata no fixador igual a 3,5 g/l é suficiente para que toda a despesa correspondente à sua implantação seja paga. CONCLUSÃO: O modelo de gestão proposto demonstra que o reprocessamento do fixador pode ser uma escolha adequada para solucionar os problemas ambientais e financeiros desses serviços. O modelo proposto poderá se tornar, além de ecologicamente correto, uma fonte de recursos para os setores de diagnóstico por imagem e pode ser aplicado a outras instituições, em face da semelhança de problemas e recursos.OBJECTIVE: With the aim of reducing and preventing environmental damages, handling and disposing practices of chemical effluents from radiology departments were investigated and a service management model was created in order to obtain financial resources for the department. MATERIALS AND METHODS: The proposed

  15. Osteoporose como factor de risco em implantologia

    OpenAIRE

    Castelo-Branco, Manuel Jardim de Abreu

    2013-01-01

    Tese de mestrado, Medicina dentária, Universidade de Lisboa, Faculdade de Medicina Dentária, 2013 Introdução: A Osteoporose, sendo uma doença degenerativa óssea, é uma patologia que, a priori, poderá ser um factor de risco para a utilização de implantes dentários. A população mundial está a envelhecer, por avanço médico e tecnológico, e o número de pacientes mais idosos , que eventualmente padecem de osteoporose, e que acorrem aos consultórios dentários aumenta. Muitas vezes, o tratamento ...

  16. Riscos químicos hospitalares e gerenciamento dos agravos à saúde do trabalhador de enfermagem

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lorena Sabbadini da Silva

    2012-04-01

    Full Text Available Introdução A saúde, como direito universal e dever do Estado, é uma conquista do cidadão brasileiro, expressa na Constituição Federal e regulamentada pela Lei Orgânica da Saúde.¹ No âmbito deste direito encontra-se a saúde do trabalhador. As condições de trabalho influenciam no processo laboral e contribuem para determinar o processo de saúde doença dos trabalhadores. Trata-se de um relevante problema de saúde pública, pois, está intimamente ligado ao elevado índice de absenteísmo, este classificado como absenteísmo profissional, já que o mesmo abrange as ausências por doença profissional ou acidente de trabalho.² O afastamento temporário ou definitivo do trabalhador acarreta em influências diretas e indiretas no aspecto do balanço econômico do país. O trabalho é a força que impulsiona o desenvolvimento econômico de um Estado, sendo assim o trabalhador é uma peça fundamental neste processo. Os trabalhadores de enfermagem estão expostos a uma diversidade de cargas que são geradoras de processo de desgaste. Os fatores de riscos capazes de causar injuria a produção, a qualidade, a assistência prestada e a saúde dos trabalhadores são oriundos dos agentes, físicos, químicos, biológicos, ergonômicos, psicossociais e de acidentes. O risco químico é caracterizado pelo perigo a que determinado indivíduo está exposto ao manipular produtos químicos que podem causar-lhe danos físicos ou prejudicar-lhe a saúde. Consideram-se agentes químicos as substâncias, compostos ou produtos que possam penetrar no organismo pela via respiratória, nas formas de poeiras, fumos, névoas, neblinas, gases ou vapores, ou que, pela natureza da atividade de exposição, possam ter contato ou ser absorvidos pelo organismo através da pele ou por ingestão.4­ Os danos físicos relacionados à exposição química incluem, desde irritação na pele e olhos, passando por queimaduras leves, indo até aqueles de maior

  17. Redução de riscos na perspectiva dos praticantes de barebacking: possibilidades e desafios

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luís Augusto Vasconcelos da Silva

    2012-08-01

    Full Text Available Este artigo discute uma modalidade de barebacking (sexo anal desprotegido denominada de parcial ou com redução de riscos. Esta discussão é decorrente de uma etnografia online sobre os sentidos e práticas de barebacking, no contexto brasileiro, entre os anos de 2004 a 2007. Entretanto, ao focalizar a redução de riscos no barebacking, este artigo traz outras formas, práticas, possibilidades eróticas de realização e entendimento do mesmo. É o caso, por exemplo, quando alguns praticantes evitam ejacular dentro ou receber o esperma do parceiro, buscam ser mais receptivos ou insertivos ou manter relações sexuais desprotegidas com parceiros do mesmo status sorológico. Nessa direção, torna-se importante discutir as possibilidades e limites de modelos alternativos de prevenção utilizados no cotidiano de diferentes pessoas, levando-se em consideração as preferências sexuais, dinâmica dos relacionamentos, crenças, discursos, experiências e contextos interativos.

  18. Organizadores e cortadores de comprimidos: riscos e restrições ao uso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Caroline Ribeiro de Borja-Oliveira

    2013-02-01

    Full Text Available Com base em análise documental, foram discutidas e problematizadas as limitações associadas à utilização de organizadores e cortadores de comprimidos, como questão de saúde pública. Os organizadores destinados ao armazenamento e transporte de comprimidos e cápsulas expõem essas formas farmacêuticas a fatores ambientais dos quais estariam protegidos em suas embalagens originais, comprometendo sua estabilidade, eficácia e segurança. Os cortadores oferecem risco adicional quanto a perda da eficácia, reações adversas e intoxicação. Por outro lado, o transporte de medicamentos pelo usuário é reflexo da conciliação entre autonomia e autocuidado e a partição de comprimidos é necessária para cumprir certos regimes posológicos. Conclui-se que cabe aos profissionais observar e orientar pacientes e cuidadores, visando à adequação dessas condutas e à prevenção dos riscos envolvidos.

  19. Identificação precoce do risco para transtornos da atenção e da leitura em sala de aula

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Olga Valéria Andrade

    Full Text Available Testou-se a acurácia de atividades pedagógicas coletivas, baseadas em julgamentos fonológicos por meio do pareamento entre figuras e de figuras com palavras faladas, na identificação de escolares de risco para transtornos da atenção e da leitura em sala de aula. Quarenta e cinco escolares do 2º ano (idade média de 7 anos, 29 do gênero masculino, foram divididos em grupo controle, sem dificuldade de leitura-escrita (n=32, e grupo de risco, com dificuldade de leitura (n=13. O baixo desempenho nessas atividades, definido como os escores acima de 1,65 DP abaixo da média do grupo controle, apresentou boa sensitividade (verdadeiros positivos e especificidade (verdadeiros negativos na identificação precoce dos escolares de risco.

  20. Fatores de risco e medidas preventivas das infecções associadas a cateteres venosos centrais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Viviane Rosado

    2011-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Rever os fatores de risco para infecção associada a cateteres venosos centrais e as recomendações para a sua prevenção. FONTES DOS DADOS: Foram revisados artigos publicados sobre o tema no PubMed, Cochrane Collaboration e Bireme. Os seguintes critérios de inclusão foram levados em consideração: trabalhos publicados entre 2000 e 2010, delineamento do estudo, população pediátrica hospitalizada com utilização de cateteres venosos centrais e artigos sobre infecção associada a cateteres venosos centrais. Além disso, foram utilizados documentos de referência dos Centers for Disease Control and Prevention e da Agência Nacional de Vigilância Sanitária. SÍNTESE DOS DADOS: Os fatores de risco associados foram: tempo de utilização de acesso central, duração da internação e uso de cateter central de longa permanência, colocação de cateter venoso central em Unidade de Terapia Intensiva, doença cardiovascular não cirúrgica, recebimento de nutrição parenteral e de transfusão de hemoderivados. Entre as medidas preventivas, a literatura recomenda a implementação de protocolos e diretrizes multidisciplinares de cuidados na inserção e manutenção dos cateteres centrais, cuidados com a técnica de inserção dos cateteres venosos centrais, utilização de curativos impregnados com clorexidina, retirada precoce do cateter e adoção de programas de educação continuada para a equipe assistencial. CONCLUSÃO: O controle dos fatores de risco pode levar a uma redução igual ou superior a 40% na incidência dessas infecções. A vigilância do processo de inserção e cuidados com os cateteres vasculares centrais na população pediátrica orienta a padronização de rotinas dos serviços de saúde para a obtenção de taxas de referência para comparação intra e interinstitucionais.

  1. Percepção de riscos do uso de agrotóxicos por trabalhadores da agricultura familiar do município de Rio Branco, AC

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Thais Blaya Leite Gregolis

    Full Text Available OBJETIVO: Conhecer as percepções de risco associadas ao uso de agrotóxicos no trabalho rural de pequenos produtores rurais. MÉTODO: Estudo de percepção de riscos relacionados ao trabalho rural, realizado entre o segundo semestre de 2008 e o primeiro de 2009, com base na avaliação psicológica de 42 pequenos agricultores do município de Rio Branco, AC, por meio de questionário estruturado com questões abertas e fechadas e aplicação de escalas psicométricas. RESULTADOS: Entre as mulheres, destacou-se a invisibilidade dos riscos associados ao uso desses agentes químicos no seu cotidiano de trabalho. A maioria das mulheres participantes não percebia a seriedade dos problemas de saúde relacionados à exposição a agrotóxicos, nem identificava como perigosas as atividades de trabalho que desempenhava. Entre os homens, observou-se a construção de estratégias defensivas baseadas na negação dos riscos, tática utilizada por esses indivíduos como forma de permanecerem, dia após dia, inseridos em um processo de trabalho sabidamente injurioso. CONCLUSÃO: O estudo mostrou que a percepção de riscos daquele grupo de pequenos agricultores influencia suas práticas de trabalho e a forma como responde frente ao risco representado pelo uso de agrotóxicos, devendo ser, portanto, objeto de análise em ações de vigilância em saúde do trabalhador e no escopo de iniciativas de gerenciamento de riscos.

  2. Insatisfação corporal, prática de dietas e comportamentos de risco para transtornos alimentares em mães residentes em Santos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernanda Baeza Scagliusi

    2012-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a insatisfação corporal, a prática de dietas e os comportamentos de risco para transtornos alimentares em uma amostra de mães residentes no município de Santos. MÉTODOS: Foi realizado um estudo transversal, de base populacional, com 453 mães de filhos com até 10 anos de idade. As mães responderam ao Teste de Atitudes Alimentares (EAT-26, à Escala de Figuras de Stunkard e a uma questão sobre a prática atual de dietas. RESULTADOS: Das mães, 29,9% apresentaram escore positivo para os comportamentos de risco para transtornos alimentares e 21,8% estavam fazendo dieta para emagrecer no momento da entrevista. No tocante à imagem corporal, 17,5% das mães estavam satisfeitas com o seu tamanho corporal, 71,5% gostariam de diminuir seu tamanho corporal e 11,0% gostariam de aumentá-lo. Os comportamentos de risco para transtornos alimentares foram mais frequentes nas mães insatisfeitas com seus tamanhos corporais (p < 0,0001. CONCLUSÃO: A maioria das mães investigadas estava insatisfeita com os seus tamanhos corporais. A frequência de mães que praticavam dietas ou tinham comportamentos de risco para transtornos alimentares foi similar ou superior aos demais estudos nacionais, conduzidos, em sua maioria, com populações consideradas de risco, como meninas adolescentes e jovens universitárias.

  3. Índices de risco sistêmico para o setor bancário Systemic risk indicators for the banking sector

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lucio Rodrigues Capelletto

    2008-08-01

    Full Text Available Os vultosos custos econômicos e sociais resultantes de crises financeiras têm conduzido os esforços de organismos internacionais e autoridades de supervisão para pesquisas sobre o risco sistêmico. O objetivo tem sido buscar características comuns que possam prever a proximidade das crises. Na mesma linha, este estudo visou desenvolver índices de risco sistêmico (IRS, formados por variáveis contábeis e de riscos, capazes de mensurar o nível de risco sistêmico no setor bancário. A regressão logística revelou a existência de indicadores com significância estatística na segregação dos sistemas bancários pelo nível de risco, especialmente aqueles relacionados com a qualidade dos créditos, os resultados e a taxa de juros. Os indicadores identificados como mais relevantes são: a volatilidade da inadimplência, da rentabilidade e da taxa de juros, e a média da rentabilidade e do risco de crédito. Além disso, a comparação da evolução dos indicadore com as crises ocorridas demonstrou a eficácia dos IRS na mensuração do risco nas crises bancárias sistêmicas.The significant economic and social costs caused by financial crises have conducted the efforts of international institutions and supervisory authorities towards research about systemic risk. The main goal has been to identify common characteristics able to foresee the proximity of crises. Likewise, this study aimed to develop systemic risk indicators (IRS, comprising accounting and economic variables, able to measure the systemic risk level of the banking sector. The indicators were submitted to logistic regression analysis and the result revealed indicators able to discriminate banking systems according to the risk level with statistical significance. The most relevant indicators are related to the volatility of non-performing loans, profitability and interest rate, as well as mean profitability and credit risk. In addition, the comparison between the indicators

  4. A tentação da diversidade: e seus riscos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jens Qvortrup

    2010-12-01

    Full Text Available Este texto busca discutir duas abordagens propostas pelos estudos sociais sobre a infância: a primeira passa pela diversidade e, portanto, pelo uso das categorias clássicas da sociologia - classe, gênero e etnia - para delimitar a infância como objeto de pesquisa; e a outra, defendida pelo autor, prioriza a categoria geracional nos estudos sobre a infância. A argumentação aproxima as vertentes neoliberais e as perspectivas pós-modernas e pós-estruturais para mostrar seus efeitos sobre as políticas e os estudos da infância. De fato, o autor recupera análises para indicar os riscos apresentados pela abordagem pautada pela diversidade na pesquisa sobre a infância.

  5. Lógica nebulosa para avaliar riscos na auditoria Fuzzy logic for risk assessment in auditing

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jerônimo Antunes

    2006-08-01

    Full Text Available A avaliação dos riscos de que os controles internos de uma entidade possam falhar constitui-se em significativo desafio para os auditores independentes de demonstrações contábeis. As metodologias de trabalho empregadas para tal finalidade, normalmente, utilizam a lógica clássica, ou também denominada binária, presumindo que os fatores de riscos estão presentes, ou não, em um determinado tipo de processo de controle. O objetivo deste trabalho foi conceber um modelo de avaliação de risco dos controles internos de uma entidade utilizando a lógica nebulosa (fuzzy logic, para contemplar os elementos difusos que compõem os fatores desse tipo de risco analisados na auditoria de demonstrações contábeis. A validação conceitual do modelo concebido foi realizada por meio de entrevistas e debates com especialistas em auditoria de demonstrações contábeis e com consultas a bibliografias relevantes pertinentes. Como conclusão do estudo, ficou patente que o modelo de avaliação de risco, com o uso da lógica nebulosa, elimina a restrição binária da lógica clássica e permite tratar, de forma quantitativa, conceitos ambíguos através da aplicação de uma escala psicométrica, para refl etir predicados tais como: "muito bom", "bom", "razoável", "de grande importância", "de pouca importância" etc., tendo potencial para produzir resultados mais amplos e próximos da realidade.The assessment of the risks that an entity's internal control system may fail represents a significant challenge to independent auditors. The methodologies used to audit financial statements are usually supported by classical logic, also called binary logic, departing from the relatively simplistic premise that risk factors are either present or not in a certain kind of control process. This study aimed to conceive a risk assessment model for an entity's internal control system, using the fuzzy logic approach, to take into account the diffuse elements that

  6. Avaliação de risco para úlcera por pressão em pacientes críticos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Flávia Sampaio Latini Gomes

    2011-04-01

    Full Text Available Pacientes acamados apresentam risco de desenvolver úlceras por pressão e representam um grupo prioritário para o estudo e identificação deste agravo. Para tal, utilizam-se instrumentos de avaliação específicos para o problema. O objetivo deste estudo foi analisar os fatores de risco para o desenvolvimento de úlcera por pressão em pacientes adultos internados em CTIs. Trata-se de um estudo seccional analítico no qual foram avaliados 140 pacientes, internados em 22 CTIs, utilizando-se a escala de Braden. Os resultados mostraram que pacientes internados por 15 dias ou mais apresentavam alguma categoria de risco. As maiores freqüências de úlcera por pressão foram encontradas em pacientes que estavam nas categorias: percepção sensorial (completamente limitado, umidade (constantemente úmida, mobilidade (completamente imobilizado, atividade (acamado, nutrição (adequado e fricção e cisalhamento (problema. Conclui-se que a utilização dessa escala traduz-se em estratégia importante no cuidar de pacientes em terapia intensiva.

  7. Análise de riscos tecnológicos ambientais: perspectivas para o campo da saúde do trabalhador

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcelo Firpo de Souza Porto

    Full Text Available O objetivo deste artigo é trazer para o âmbito da saúde pública, particularmente para o campo da Saúde do Trabalhador, questões teóricas e desafios colocados pelos denominados riscos tecnológicos ambientais, os quais se relacionam e ultrapassam o universo dos ambientes de trabalho. Partindo-se dos riscos químicos industriais, demonstra-se a vulnerabilidade das sociedades contemporâneas face aos mesmos e seu agravamento nos países de economia periférica. Em seguida, apresenta-se o escopo das análises de riscos pelas vertentes da engenharia, toxicologia e epidemiologia, bem como a crítica que as ciências sociais vem realizando sobre as mesmas. Conclui-se que a Ciência não é capaz de dar conta isoladamente de problemas complexos como os riscos tecnológicos ambientais. Para se avançar sobre esses limites, diversas propostas integradoras do nível teórico-metodológico vêm sendo desenvolvidas nos campos da análise de riscos e da saúde do trabalhador. Dentre estas, destacam-se aquelas sobre interdisciplinaridade, abordagens sistêmicas e participativas, que incorporam o saber dos trabalhadores e comunidades, forjando a interação entre conhecimento e diálogo como condição fundamental da prevenção e controle dos riscos tecnológicos ambientais.

  8. Análise de riscos tecnológicos ambientais: perspectivas para o campo da saúde do trabalhador

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Porto Marcelo Firpo de Souza

    1997-01-01

    Full Text Available O objetivo deste artigo é trazer para o âmbito da saúde pública, particularmente para o campo da Saúde do Trabalhador, questões teóricas e desafios colocados pelos denominados riscos tecnológicos ambientais, os quais se relacionam e ultrapassam o universo dos ambientes de trabalho. Partindo-se dos riscos químicos industriais, demonstra-se a vulnerabilidade das sociedades contemporâneas face aos mesmos e seu agravamento nos países de economia periférica. Em seguida, apresenta-se o escopo das análises de riscos pelas vertentes da engenharia, toxicologia e epidemiologia, bem como a crítica que as ciências sociais vem realizando sobre as mesmas. Conclui-se que a Ciência não é capaz de dar conta isoladamente de problemas complexos como os riscos tecnológicos ambientais. Para se avançar sobre esses limites, diversas propostas integradoras do nível teórico-metodológico vêm sendo desenvolvidas nos campos da análise de riscos e da saúde do trabalhador. Dentre estas, destacam-se aquelas sobre interdisciplinaridade, abordagens sistêmicas e participativas, que incorporam o saber dos trabalhadores e comunidades, forjando a interação entre conhecimento e diálogo como condição fundamental da prevenção e controle dos riscos tecnológicos ambientais.

  9. Análise da relação entre depressão materna e indicadores clínicos de risco para o desenvolvimento infantil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Janaína Pereira Pretto Carlesso

    2014-04-01

    Full Text Available Objetivo analisar as possíveis correlações entre alterações nos índices de risco ao desenvolvimento linguístico e psicológico do bebê e presença de depressão materna, em uma amostra de mães de bebês nascidos em cidade de porte médio e arredores da região central do Rio Grande do Sul.  Métodos a pesquisa foi realizada com 165 díades mães- bebê em Hospital Escola no qual as crianças realizavam triagem auditiva neonatal, no período de março a maio de 2010. Na coleta de dados foram utilizados um roteiro de entrevista sobre informações socioeconômicas, demográficas, obstétricas e psicossociais, a aplicação do Inventário de Depressão de Beck e dos Indicadores Clínicos de Risco para o Desenvolvimento Infantil.  Resultados quando se avaliou os valores do inventário de depressão na primeira faixa de índice de risco analisada, comparando-se bebês com e sem risco ao desenvolvimento, houve diferença estatisticamente significante, pois mães com maiores escores de depressão apresentaram mais risco ao desenvolvimento de seus filhos.  Conclusões a análise realizada apontou que há maior proporção de bebês com risco ao desenvolvimento, quando os níveis de depressão materna são elevados no período pós-parto.

  10. Risco Operacional no Setor Saúde: Financiamento pelo SUS Paralelo aos Gastos na Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Márcia Mascarenhas Alemão

    2014-04-01

    Full Text Available O debate do financiamento-gerenciamento do setor saúde no Brasil justifica-se pelo volume de recursos, representação do SUS como comprador de serviços de saúde, e a importância dos hospitais. A proposta do estudo foi dimensionar e compreender os repasses financeiros do Governo Federal aos hospitais públicos em contraponto aos seus gastos, focando na relação entre os gastos e os recursos financeiros repassados pelo SUS refletindo o risco operacional do setor. Buscou-se compreender os custos de 25 procedimentos maiores geradores de recursos na Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais – FHEMIG “paralelizados” aos valores definidos na Tabela do SUS, mensurando o risco operacional pelo Value at Risk Operacional – VaR Op, identificando o seu percentual de cobertura de risco. Evidenciou-se que valores repassados aos prestadores não estão fundamentados apenas na Tabela. Conclui-se a necessidade de análise não apenas fundamentada nos valores de repasse da Tabela, exigindo uma compreensão qualitativa das formas de repasse

  11. Consumo de medicamentos, álcool e fumo na gestação e avaliação dos riscos teratogênicos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rebeca Silveira Rocha

    Full Text Available Medicações, álcool e fumo podem gerar danos fetais. Este estudo transversal foi realizado entre 2006 e 2007, com 326 puérperas do Hospital Geral de Fortaleza, para avaliar o uso de medicamentos, álcool e fumo na gestação e potencial teratogênico relacionado a diferentes características populacionais. Incluíram-se as puérperas com partos no local da pesquisa e excluíram-se as que não tinham seus filhos internados. Na análise, utilizaram-se os testes Qui-quadrado e t de Student, adotando p < 0,05. O consumo de medicamentos ocorreu em 96,6% (2,8 medicamentos/gestante, e 11,3% automedicaram-se. Solteiras utilizaram mais medicações com alto risco teratogênico (p = 0,037. Foram observados 11 casos de malformação fetal, sendo cinco expostos a elevado risco teratogênico, na gestação. O tabagismo ocorreu em 11,3%, e o etilismo em 16%. Observou-se como fator de risco para exposição a maior risco teratogênico o estado civil solteira. Outras variáveis sociodemográficas e a qualidade do pré-natal não se mostraram relacionadas ao risco teratogênico das exposições.

  12. Fatores de risco comportamentais acumulados para doenças cardiovasculares no sul do Brasil Factores de riesgo conductuales acumulados en enfermedades cardiovasculares en el sur de Brasil Accumulated behavioral risk factors for cardiovascular diseases in Southern Brazil

    OpenAIRE

    Ludmila Correa Muniz; Bruna Celestino Schneider; Inácio Crochemore Mohnsam da Silva; Alicia Matijasevich; Iná Silva Santos

    2012-01-01

    OBJETIVO: Estimar a prevalência e identificar fatores associados ao acúmulo de comportamentos de risco para doenças cardiovasculares entre adultos. MÉTODOS: Estudo transversal de base populacional com amostra representativa de 2.732 adultos de ambos os sexos de Pelotas, RS, em 2010. Os fatores de risco comportamentais investigados foram: tabagismo; inatividade física no lazer; consumo habitual de gordura aparente da carne; e consumo diário de embutidos, carne vermelha e leite integral. O desf...

  13. Prevalência e fatores de risco para tabagismo em adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maura C Malcon

    2003-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: O tabagismo é uma das principais causas de enfermidades evitáveis e incapacidades prematuras. Nesse sentido, realizou-se estudo com o objetivo de medir a prevalência e estudar fatores de risco associados ao tabagismo nos adolescentes. MÉTODOS: A partir de um delineamento transversal de base populacional, estudou-se uma amostra representativa de 1.187 adolescentes de 10 a 19 anos, da zona urbana de Pelotas, sul do Brasil. Todos os adolescentes da amostra, de cada domicílio, foram entrevistados por meio de questionário pré-codificado, individual e confidencial. Utilizou-se o teste de Kaplan-Meier para análise da curva de sobrevida. RESULTADOS: A prevalência de tabagismo na amostra foi de 12,1% (IC95% 10,3%-14%. As prevalências foram similares para os sexos femininos e masculinos. Os fatores de risco para tabagismo na análise multivariada, por regressão logística, foram: maior idade, odds ratio (OR de 28,7 (11,5-71,4, irmãos mais velhos fumantes, OR de 2,4 (1,5-3,8, três ou mais amigos fumantes, OR de 17,5 (8,8-34,8 e baixa escolaridade OR de 3,5 (1,5-8,0. CONCLUSÕES: A prevalência de tabagismo na adolescência mostrou-se alta, na cidade de Pelotas. Campanhas antitabágicas devem ser direcionadas à comunidade e à família tendo o adolescente como alvo. Medidas legais adotadas pelo governo são importantes para impedir o acesso dos adolescentes ao cigarro.

  14. Fatores de risco para doenças cardiovasculares em idosos com diabetes mellitus tipo 2

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    R. C.P. Silva

    2009-01-01

    Full Text Available

    O objetivo deste estudo foi analisar os fatores de risco relacionados às doenças cardiovasculares (FRDCV, em idosos diabéticos do tipo 2, através de um estudo observacional com delineamento transversal, tendo sido realizado com 100 idosos atendidos no Centro Regional de Reabilitação de Araraquara (CRRA, São Paulo, Brasil, de março a dezembro de 2004. Houve predominância de indivíduos casados, sexo feminino, brancos, com baixa renda e baixa escolaridade. Quanto aos hábitos e estilo de vida, predominaram os que mantinham dietas adequadas, sedentários, não fumantes e não etilistas. Entre os 100 indivíduos estudados, 42% apresentaram sobrepeso, 42% obesidade, 71% valores inadequados de circunferência abdominal e 84% de relação cintura-quadril de acordo com o sexo. Em relação aos FRDCV, 54,0% apresentaram hipertensão arterial sistêmica (HAS, 54,0% com hipercolesterolemia, 51,0% de hipertrigliceridemia, 84% com valores elevados de LDL-colesterol, 59% com níveis reduzidos de HDLcolesterol, 78,0% com níveis elevados de glicemia de jejum, 76,0% com níveis elevados de hemoglobina glicada e 57,0% de fibrinogênio. Os resultados demonstraram uma freqüência elevada de FRDCV com diferenças em relação ao sexo e a idade. Palavras-chave: diabetes mellitus; fatores de risco; doenças cardiovasculares; idoso.

  15. Prevalência dos indicadores de risco para perda auditiva nos resultados 'falha' da triagem auditiva neonatal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Conceição S. Oliveira

    2015-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: estabelecer qual indicador de risco para perda auditiva apresenta maior prevalência de resultados 'falha' da Triagem Auditiva Neonatal. MÉTODOS: a partir de análise retrospectiva de 702 prontuários de lactentes submetidos à triagem auditiva neonatal no Ambulatório de Audiologia da Universidade Federal da Bahia no período de 2007 a 2011, foi realizado o teste do qui-quadrado para a hipótese de ausência de associação entre os indicadores de risco e a 'falha' da Triagem Auditiva Neonatal. RESULTADOS: dos lactentes pesquisados, 352 (50,29% foram do sexo masculino e 348 (49,71% do sexo feminino, dois não tinham referências quanto ao gênero. A maioria dos bebês tinha idade entre um a três meses de vida e 45,40% dos bebês nasceram prematuros. Verificou-se que os bebês apresentaram os seguintes indicadores de risco: 28,83% tinham hiperbilirrubinemia; 22,54% tinham história de infecção congênita; 15,06% nasceram com peso inferior a 1.500g; 8,21% tiveram boletim Apgar de 0 a 4 no 1º minuto; 5,07% apresentaram boletim Apgar de 0 a 6 no 5º minuto; 9,09% receberam ventilação mecânica; 4,09% tinham síndromes associadas à perda auditiva e apenas 1 (0,84% lactente teve meningite bacteriana. Entre esses lactentes, 92,45% não tinham histórico familiar de deficiência auditiva e 97,09% não apresentavam malformação craniofacial. CONCLUSÃO: houve associações entre cinco indicadores de risco e 'falha' na triagem auditiva neonatal. Os indicadores de risco apresentaram a seguinte ordem decrescente de prevalência: boletim de Apgar de 0 a 4 no 1º minuto; malformações craniofaciais; síndrome associadas a perdas auditivas; boletim de Apgar de 0 a 6 no 5º minuto; ventilação mecânica.

  16. Investigação de áreas de risco como metodologia complementar ao controle da leishmaniose visceral canina

    OpenAIRE

    Fred S. Julião; Bárbara M.P.S. Souza; FREITAS,DANIELA S. DE; Oliveira, Lídia S. de; Larangeira,Daniela F.; Dias-Lima, Artur G.; Souza,Verena M.M.; Stella M. Barrouin-Melo; Moreira Jr,Edson D.; Paule, Bruno J.A.; Franke, Carlos R.

    2007-01-01

    Foram investigadas áreas de risco de leishmaniose visceral canina no município de Camaçari, Bahia. Um total de 278 cães distribuídos em 141 residências, pertencentes a 20 áreas de risco investigadas, foi examinado sorologicamente (ELISA). A soroprevalência geral foi 21,7% (56/258) depois da exclusão dos 20 cães usados no início do estudo para delimitar a área. Os resultados respectivos das análises univariada e multivariada dos fatores relacionados à infecção do cão por Leishmania chagasi, a ...

  17. Forma clínica e fatores de risco associados ao estrabismo na binocularidade visual

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Nice Araujo Moraes Rocha

    2016-02-01

    Full Text Available RESUMO Objetivo: Identificar e analisar fatores de risco associados ao estrabismo, dados oftalmológicos e antecedentes pessoais e familiares. Métodos: Estudo prospectivo, descritivo e analítico realizado com 240 pacientes que consultaram pela primeira vez nos ambulatórios de estrabismo. Foram avaliadas a frequência e associação entre estrabismo, dados de exames oftalmológicos e antecedentes pessoais e familiares para identificação dos fatores de risco. Resultados: Observou-se maior prevalência de estrabismo em mulheres (56,96% em relação aos homens (43,02%. A faixa etária mais atendida no ambulatório de estrabismo foi composta de crianças até 15 anos de idade (83,54%. Encontrou-se mais esotropia (55,27% que exotropia (42,20% e parcela menor de estrabismo vertical isolado (2,53%. A prematuridade foi associada ao estrabismo convergente (p=0,023 e não ao divergente (p=0,086. O diabetes mellitus materno foi associado à esotropia (p=0,024 e exotropia (p=0,036 no filho, mas a hipertensão arterial materna, uso de medicamentos para hipertensão e diabetes durante a gravidez e drogas ilícitas não foram estatisticamente significativos. Pacientes com paralisia cerebral tiveram mais associação com exotropia (p=0,008 que esotropia (p=0,019. Malformações congênitas, consanguinidade entre os pais e traumas oculares não apresentaram associação estatisticamente significativa para o estrabismo. A maioria dos pacientes com estrabismo apresentou boa acuidade visual corrigida e fundoscopia normal. Na análise de proporções a hipermetropia foi mais frequente na esotropia (68,7%. Conclusão: Os fatores de riscos internos e externos podem interferir na formação e desenvolvimento do olho na fase de plasticidade ocular, com prejuízo da binocularidade visual, podendo resultar em estrabismo. Há divergências com relação aos fatores de risco realmente associados e mais estudos são necessários para a identificação.

  18. Fatores de risco para mortalidade neonatal no município de Serra, Espírito Santo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eliane de Fátima Almeida Lima

    2012-08-01

    Full Text Available Objetivou-se analisar os fatores de risco associados à mortalidade neonatal no município de Serra, ES. Realizou-se estudo de coorte não concorrente, utilizando a técnica de Linkage que pareou os 32.275 nascidos vivos com 273 óbitos neonatais ocorridos no período de 2001 a 2005, utilizando-se dados do SINASC e SIM. Após os ajustes na regressão logística, os fatores associados à mortalidade foram: mães sem instrução, idade materna 35 anos, nascer em hospital público, nenhuma consulta de pré-natal, peso ao nascer.

  19. Avaliação do Risco Cardiovascular na Unidade Básica de Saúde HCPA/Santa Cecília

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ângela va Ben

    2011-04-01

    Full Text Available Introdução: um dos passos importantes no processo de avaliação dos serviços de saúde, propostos por Donabedian, é a avaliação das características sócio-demográficas e de saúde da população atendida, utilizando estas informações no planejamento. Objetivo: determinar a prevalência dos fatores e comportamentos de risco cardiovascular numa área adscrita do Programa de Saúde da Família da UBS HCPA/Santa Cecília e avaliar a qualidade do cuidado preventivo a esses pacientes, sua afiliação ao serviço de saúde e a percepção das pessoas em relação a sua saúde. Materiais e Métodos: foi planejado um estudo de prevalência, no qual selecionamos em entrevistas domiciliares os homens ? 45, mulheres ? 55 anos e os indivíduos com pelo menos um dos seguintes fatores de risco independente da idade: Hipertensão Arterial Sistêmica (HAS, Diabete Melitus (DM, Cardiopatia Isquêmica (CI, Doença Cerebrovascular (DCV. Os indivíduos selecionados responderam a um questionário sobre fatores de risco que incluía variáveis sócio-demográficas, antropométricas, afiliação ao serviço de saúde e presença de fatores de risco tais como: tabagismo, sedentarismo, consumo de álcool, HAS, DM, Hipercolesterolemia, obesidade, obesidade central e doença cardiovascular. Os dados preliminares são apresentados de forma descritiva utilizando média e desvio padrão ou mediana e quartil conforme a distribuição gauseana ou não-gauseana, respectivamente. Resultados: foram identificados 1126 domicílios na área. Destes, 94 foram visitados e encontrados 82 indivíduos com fatores de risco cardiovascular. Esta amostra foi composta por 49 (59,7% mulheres e a idade média foi de 62 ±11.8 e com média de 8,7 anos de estudo. A análise dos fatores de risco nesta amostra populacional mostrou a presença de fatores de risco nos seguintes percentuais: HAS 64,6 %, DM 22%, 42,6% obesos, 32,9% com sobrepeso, tabagismo 10,2%, sedentarismo 46

  20. Sludge como fator de risco para prematuridade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elizabeth Kazuko Watanabe

    2016-10-01

    Full Text Available Introdução: O trabalho de parto prematuro (TPP é um grave problema de saúde pública devido à elevada morbidade e mortalidade neonatal.Como fatores de risco,destacam-se o baixo nível socioeconômico,nutrição inadequada,extremos de idade,estresse físico e psicológico,tabagismo e drogas ilícitas.Intecorrências como incompetência cervival,placenta de inserção baixa,descolamento prematuro de placenta,polidramnio,gemelaridade, rotura prematura de membranas,história prévia de parto prematuro são causas obstétricas e ginecológicas. Dentre as infecções,a corioamnionite é uma das mais importantes.A prevenção e a predição da prematuridade têm sido alvo de pesquisas através de métodos clínicos, bioquímicos e ultrassonográficos. À ultrassonografia(US,a medida do comprimento de colo uterino com transdutor vaginal(TV e a pesquisa do eco glandular endocervical auxiliam na predição do parto prematuro. Outro sinal ultrassonográfico que parece estar associado à infecção e à prematuridade é o sludge,um agregado espesso de partículas no líquido amniótico próximo ao orifício interno do colo uterino.A associação sludge e colo curto(menor que 25mmaumenta o risco de TPP. Objetivo/Metodologia: apresentamos um caso de sludge em gestante com 16 semanas e antecedente de TPP. Relato de caso:TPDA,24anos,secundigesta primípara(natimorto com 29 semanas,realizou USTV devido a colo entreaberto ao toque vaginal e ao passado obstétrico. Ao exame,visualizou-se sludge e colo medindo 3,8cm de comprimento. Foi internada para tratamento com Clindamicina e Cefalexina via oral por 10 dias.Exames de urina I, hemograma e proteína C reativa normais na internação. Alta após 5 dias,com acompanhamento semanal e prescrição de progesterona 200mg via vaginal. Conclusão: o sludge é um sinal preditor de prematuridade.

  1. Percepção do consumidor frente aos riscos associados aos alimentos, sua segurança e rastreabilidade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliana Cunha de Andrade

    2013-09-01

    Full Text Available Nas últimas décadas, tem-se observado um crescente interesse dos consumidores pelas questões relacionadas à segurança dos alimentos. Os governos têm sido pressionados a adotar medidas que assegurem a inocuidade dos alimentos e, consequentemente, legislações rigorosas quanto à contaminação dos alimentos por agentes físicos, químicos e microbiológicos estão sendo implantadas. Dentro desse panorama, conhecer a percepção do consumidor brasileiro sobre o tema é extremamente relevante. No presente estudo, avaliaram-se, em duas grandes cidades brasileiras (Campinas-SP e Rio de Janeiro-RJ, os critérios utilizados por consumidores para a compra de produtos alimentícios e suas visões sobre os riscos potenciais de contaminação dos alimentos. Avaliou-se também a percepção dos consumidores sobre a rastreabilidade e seu papel na melhoria da segurança dos alimentos, utilizando-se a metodologia focus group. Três sessões de discussão foram conduzidas (duas em Campinas e uma no Rio de Janeiro, tendo sido observadas diferenças entre os consumidores das distintas praças. Os consumidores de Campinas mostraram-se mais preocupados e interessados no assunto do que os do Rio de Janeiro, pois relataram buscar mais informações nos rótulos de alimentos. Menções relacionadas a riscos, como intoxicação alimentar, botulismo e agrotóxicos foram comuns para os entrevistados das duas cidades e, entre os principais produtos considerados com risco à saúde, ficaram as carnes e os frutos do mar, sendo estes últimos com maior ênfase no Rio de Janeiro. Dentre os produtos reconhecidos como seguros, destacaram-se as frutas (produzidas sem agrotóxicos, os legumes e os produtos secos/desidratados. Em todos os grupos, observou-se grande preocupação com a contaminação por agrotóxicos e metais pesados. Em termos microbiológicos, ambas as praças destacaram os riscos com bactérias, especialmente a Salmonella. O tema rastreabilidade se

  2. Gestão de Riscos em Projetos: Uma Análise Comparativa da Norma ISO 31000 e o Guia PMBOK®, 2012.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bilmar Angelis de Almeida Ferreira

    2014-02-01

    Full Text Available Este artigo apresenta o estudo detalhado e a opinião de autores especializados para avaliar e comparar duas metodologias disponíveis para gestão de riscos: a norma ISO 31000 e o guia PMBOK/PMI®, 2012. A metodologia da pesquisa é descritiva e qualitativa, que permite interpretar as informações coletadas de forma subjetiva. A estratégia da pesquisa deste artigo tem como objetivo analisar os dois modelos através de pesquisa bibliográfica sobre o tema. Neste contexto, o artigo se propõe ao estudo dos conceitos de projeto, gestão de projetos, riscos e gestão de riscos, através da analise comparativa entre os dois modelos de gestão, para identificar as similaridades e/ou diferenças na estrutura, processos e metodologias, resultando na confirmação de que a norma ISO 31000 e o guia PMBOK/PMI®, 2012, podem ser adaptados para o emprego na gestão de riscos em projetos.DOI:10.5585/gep.v4i3.173

  3. Resistências e produção de subjetividade-risco no Projeto Brincarte de Vitória (ES

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jaciany de Souza Pereira Olinto

    2014-06-01

    Full Text Available Tendo em vista a consolidação do ECA, tivemos, na cidade de Vitória (ES, a implantação do Programa de Educação em Tempo Integral (PETI. Este visa o atendimento, no contraturno escolar, de crianças e adolescentes em "situação de risco" por meio de atividades extracurriculares. Como parte do PETI, o Projeto Brincarte atende alunos de 4 a 6 anos da Educação Infantil. Este artigo objetiva evidenciar as implicações decorrentes da classificação "de risco" para as famílias atendidas pelo Brincarte. Tratou-se de pesquisa intervenção, com a presença ativa da pesquisadora em diversas atividades do Projeto tais como reunião da equipe administrativa e reuniões de pais e com a utilização de diário de campo para registros de todos os acontecimentos do campo por um período de 3 anos. Delimitadas a partir de uma ideia de risco pernicioso, às famílias imputa-se uma subjetividade-risco, na qual estão relacionados todos os fatores "fora da ordem" ou dos modelos estabelecidos como "normais" na sociedade.

  4. Internação domiciliar: risco de exposição biológica para a equipe de saúde

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosely Moralez de Figueiredo

    2012-02-01

    Full Text Available Estudo exploratório e prospectivo, de abordagem quantitativa que visou caracterizar as ações que envolviam risco biológico durante o atendimento de profissionais no Serviço de Internação Domiciliar do Hospital Municipal de São Carlos, SP. No acompanhamento das 159 visitas, realizadas no período de junho de 2008 a janeiro de 2009, foram observados 347 procedimentos sendo que, entre os com risco de exposição biológica, foram identificados curativos (31,1%, glicemia capilar (14,4% e acesso vascular (3,1%. A ocorrência de adesão à higienização prévia das mãos foi de 21,5%, 66,3% no uso de luvas e de 83,5% no descarte adequado do perfurocortante. Conclui-se que esses profissionais estão sujeitos a riscos semelhantes aos encontrados na área hospitalar, uma vez que também manipulam sangue e material perfurocortante com muita frequência e apresentam baixa adesão às precauções padrão. Estudos que avaliem a influência das características dos domicílios nesse risco devem ser estimulados.

  5. Relação entre percepção e comportamento de risco e níveis de habilidades cognitivas em um grupo de adolescentes em situação de vulnerabilidade social

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Janaina Aparecida Paulino

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi avaliar as correlações entre inteligência verbal e não verbal, percepção e intenção de apresentar comportamentos de risco. Quarenta e oito adolescentes, sendo 22 homens e 26 mulheres, com média de idade de 16 anos, responderam três instrumentos: Escala de Percepção e Intenção de Apresentar Comportamento Arriscado, bateria de provas de raciocínio e Teste de Matrizes Progressivas de Raven. Os resultados indicaram classificação média quanto à inteligência. Houve diferença significativa entre os gêneros para o raciocínio mecânico, com homens apresentando desempenho melhor que mulheres. Observaram-se correlações positivas entre percepção de risco legal ético e percepção de risco à saúde, raciocínio verbal e percepção de risco legal-ético e com percepção de risco à saúde, raciocínio mecânico e intenção de apresentar comportamento de risco legal-ético e com intenção de apresentar comportamento de risco financeiro. Constataram-se relações entre inteligência e percepção de risco, sendo que as habilidades intelectuais superiores parecem ajudar o indivíduo a perceber melhor as situações de risco, mas não garantem evitação de comportamentos que gerem punições e sanções derivadas do contato com o risco. Estudos como este ajudam a avaliar elementos ligados ao risco que devem ser abordados em programas sociais de cunho preventivo que visem adolescentes, como o projeto no qual esta amostra está inserida.

  6. Fatores de risco e de proteção em adolescentes vítimas de abuso sexual

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jeane Lessinger Borges

    2013-09-01

    Full Text Available Este artigo refere-se a uma pesquisa qualitativa que visou identificar os fatores de risco e de proteção em casos de abuso sexual na adolescência. Foram entrevistadas duas meninas adolescentes vítimas de abuso sexual, de um município do Interior do Rio Grande do Sul. Os dados das entrevistas foram analisados por meio da Análise de Conteúdo (Bardin, 1977. Em relação aos resultados, percebe-se uma presença maior de fatores de risco do que de fatores de proteção no momento atual de vida das adolescentes, o que merece uma atenção especial por parte dos serviços que atendem estes casos. Sugerem-se pesquisas referentes aos estudos relacionados à resiliência e aos aspectos positivos da vida do ser humano, em vítimas de abuso sexual, buscando fortalecer os aspectos saudáveis das vítimas e ajudá-las a reconstruir sua vida.

  7. Levantamento dos fatores de risco para diabetes mellitus tipo 2 em uma instituição de ensino superior

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ortiz Maria Carolina Alves

    2001-01-01

    Full Text Available O aumento da expectativa de vida da população, diminuição da atividade física e aumento da ingesta calórica exercem importante papel no aparecimento do diabetes na população. Assim, o objetivo deste estudo é identificar os fatores de risco para o diabetes mellitus tipo 2, em 99 sujeitos de instituição de ensino, em uma cidade do interior paulista. Os resultados permitiram-nos concluir que: 51,5% dos sujeitos estão com sobrepeso ou obesos; 51,5% tem antecedentes hereditários, 70% não realizam atividades físicas regularmente, 68% sentem-se estressados no trabalho e 6% apresentam níveis pressóricos alterados. Os resultados indicam a necessidade de programa educativo junto às instituições, visando despertar nos sujeitos a necessidade de buscar estilos de vida saudáveis a fim de prevenir os fatores de risco para o diabetes tipo 2.

  8. Riscos ocupacionais da imagiologia: estudo de caso num hospital português Occupational risks of medical imaging: a case study in a portuguese hospital

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João Areosa

    2011-11-01

    Full Text Available Este artigo apresenta os resultados de uma investigação realizada num serviço de imagiologia de um hospital público. Apresentamos os principais riscos ocupacionais dessa atividade, bem como a visão dos trabalhadores diante de seus riscos ocupacionais. As categorias profissionais observadas foram as seguintes: médicos de radiologia convencional, médicos de neurorradiologia e técnicos de radiologia. A metodologia utilizada neste estudo de caso foi a pesquisa de campo com observação participante. Na operacionalização desse método utilizamos a entrevista como técnica privilegiada para a recolha de informação. Uma das principais conclusões desta investigação revela que as percepções de riscos no serviço de imagiologia são heterogêneas. Todavia, os riscos mais temidos por parte dos trabalhadores estão associados à exposição às radiações ionizantes e aos diversos riscos biológicos transversais ao meio hospitalarThis paper presents the findings of research undertaken in an imaging service based at a public hospital. Here we examine the main occupational risks of this activity, as well as employee perceptions of this risk. The professional groups observed were: radiology doctors, neuroradiology doctors and radiology technicians. The methodology used in the case study was field research with participant observation. In implementing this method we used interviews as a primary technique for obtaining information. One of the main conclusions of the investigation was that risk perceptions in the imaging service vary considerably. However the risks most feared by workers are associated with exposure to ionizing radiation and various other biological hazards encountered in the hospital environment in general

  9. Fatores de risco nas alianças em projetos de TI: estudo de casos no Banco Central do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Liana Ribeiro dos Santos

    2014-03-01

    Full Text Available Em resposta às crescentes mudanças e pressões da concorrência, número cada vez maior de empresas tem estabelecido alianças como forma de complementar seus recursos e assegurar suas vantagens competitivas. Embora essas alianças sejam uma boa opção estratégica para as empresas, existem evidências de grande taxa de fracasso. Muitos estudos têm analisado os fatores de sucesso das parcerias, mas poucos têm dado ênfase às dificuldades e à prevenção de riscos. O objetivo neste artigo consiste em apresentar os resultados de uma pesquisa em que se buscou identificar os fatores de risco que dificultam as alianças no caso de projetos de Tecnologia da Informação (TI. Trata-se de uma pesquisa exploratória, focada em cinco projetos estratégicos de TI do Banco Central do Brasil, desenvolvidos em parceria com outras instituições públicas e privadas, a maioria delas nacionais e uma estrangeira. Apesar de os projetos terem tido sucesso, foi possível identificar como principais fatores de risco: falta de planejamento da aliança, falta de negociação entre parceiros, falta de comprometimento dos parceiros e falta de apoio institucional. A pesquisa trouxe lições relevantes para o gerenciamento de projetos que podem beneficiar outras alianças em projetos de TI.

  10. Perfil de risco: método multivariado de classificação sócio-econômica de microáreas urbanas - os setores censitários da região metropolitana do Rio de Janeiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carvalho Marilia Sá

    1997-01-01

    Full Text Available Visando desenvolver métodos de estudo de microáreas urbanas, que permitam a integração de variáveis em um perfil sócio-econômico, foi analisado o censo demográfico de 1991, por setor censitário. Estudaram-se aspectos de: saneamento, ocupação do terreno, escolaridade, domicílio, demografia e renda. A análise de componentes principais para cada tema permitiu selecionar 15 indicadores com maior poder de explicação da variância observada, com base nos quais, em nova análise, foram escolhidos os sete indicadores finais. A classificação multivariada por partição gerou cinco tipos diferentes de setores censitários, assim descritos: (A alta renda, (B renda mais baixa, (C pobre, com predomínio de casas alugadas, (D baixa escolaridade e renda, (E precariedade no saneamento básico. A análise segundo a divisão geopolítica tradicional permitiu identificar as desigualdades dentro de cada área. O método proposto permitiu a criação de índices compostos de avaliação de qualidade de vida, valendo-se de informações de fácil acesso e ampla cobertura. Além disso, contribuiu para detectar a desigualdade sócio-econômica, identificando não só as grandes regiões de pobreza, mas as microáreas de exclusão em meio à relativa riqueza.

  11. Perfil de risco: método multivariado de classificação sócio-econômica de microáreas urbanas - os setores censitários da região metropolitana do Rio de Janeiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marilia Sá Carvalho

    1997-10-01

    Full Text Available Visando desenvolver métodos de estudo de microáreas urbanas, que permitam a integração de variáveis em um perfil sócio-econômico, foi analisado o censo demográfico de 1991, por setor censitário. Estudaram-se aspectos de: saneamento, ocupação do terreno, escolaridade, domicílio, demografia e renda. A análise de componentes principais para cada tema permitiu selecionar 15 indicadores com maior poder de explicação da variância observada, com base nos quais, em nova análise, foram escolhidos os sete indicadores finais. A classificação multivariada por partição gerou cinco tipos diferentes de setores censitários, assim descritos: (A alta renda, (B renda mais baixa, (C pobre, com predomínio de casas alugadas, (D baixa escolaridade e renda, (E precariedade no saneamento básico. A análise segundo a divisão geopolítica tradicional permitiu identificar as desigualdades dentro de cada área. O método proposto permitiu a criação de índices compostos de avaliação de qualidade de vida, valendo-se de informações de fácil acesso e ampla cobertura. Além disso, contribuiu para detectar a desigualdade sócio-econômica, identificando não só as grandes regiões de pobreza, mas as microáreas de exclusão em meio à relativa riqueza.

  12. Concepções da equipe de enfermagem sobre a exposição a riscos físicos e químicos no ambiente hospitalar

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ethiele Sulzbacher

    Full Text Available Este estudo teve como objetivo identificar como a equipe de enfermagem percebe os riscos físicos e químicos a que está exposta no ambiente hospitalar. Trata-se de um estudo descritivo, baseado em uma pesquisa de campo exploratória, de origem quantitativa. Os dados foram coletados mediante um questionário aplicado a 33 profissionais da equipe de enfermagem de um hospital geral da região noroeste do estado do Rio Grande do Sul, no primeiro semestre de 2011 e foram analisados por meio da estatística descritiva. Os trabalhadores perceberam os riscos físicos e químicos a que estão expostos e referiram reconhecê-los, porém, à análise das respostas, identificou-se conhecimento deficiente sobre a concepção científica do risco físico. A educação permanente em saúde pode ser uma estratégia para atualização dos trabalhadores sobre os riscos ocupacionais.

  13. Diabetes em idosos: uso de medicamentos e risco de interação medicamentosa

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Aparecida Medeiros Barros do Prado

    Full Text Available Resumo Caracterizar o perfil sociodemográfico e de saúde dos idosos segundo diabetes referido, avaliar o conhecimento e a prática quanto às opções de tratamento, bem como descrever o uso de medicamentos e potenciais riscos de interação medicamentosa (IM neste subgrupo. Estudo transversal com 1.517 idosos de Campinas em 2008. Estimaram-se as prevalências de diabetes e verificaram-se as associações pelo teste de Rao-Scott. As potenciais IM foram avaliadas pela base de dados Micromedex®. A prevalência de diabetes referida pelos idosos foi de 21,7% sem diferença significativa entre os sexos. Verificou-se maior percentual de idosos diabéticos com 70 anos ou mais, com menor escolaridade, renda familiar per capita inferior a 1 salário mínimo e que não realizavam atividade ocupacional. O número médio de medicamentos foi de 3,9 nos 3 dias anteriores. Identificaram-se 413 possíveis interações, sendo que 53,1%, 7,8% e 7,2% dos idosos apresentaram risco de IM moderadas, menores e graves, respectivamente. Ressalta-se a importância da adoção de dieta saudável e prática de atividade física para redução do peso, controle da doença e de complicações. Evidencia-se a necessidade de atenção ao risco potencial das IM e o uso de medicamentos inapropriados ao idoso.

  14. O biopoder e a gestão dos riscos nas sociedades contemporâneas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciana Vieira Caliman

    Full Text Available Tendo em vista as transformações no tecido social moderno e nos elementos do biopoder, característico deste período histórico, este artigo visa a contribuir com a reflexão acerca da dinâmica do poder sobre os corpos e sobre a vida na atualidade. Argumenta-se, baseando-se em estudos foucaultianos, que a centralidade da gestão dos riscos no mundo contemporâneo intensifica, não sem alterar, aspectos fundamentais do biopoder moderno. As políticas de assistência social brasileiras e as transformações no cenário da saúde pública, centradas na noção de risco, são analisadas como dispositivos de governo. Discute-se também como nesse processo a vida se torna, ao mesmo tempo, alvo de controle e espaço de resistência. Conclui-se que a análise das novas formas de subjetivação resultantes da integração do capital e da nova tecnologia do risco é fundamental na construção de uma nova estilística da existência e na criação de novos parâmetros analíticos para nossa atualidade. A nova situação abrange fatores complexos, contraditórios e em constante tensão, sendo possível falar da criação de uma infinidade de novos lugares de negociação, de poder, de alívio ou de desencadeamento do sofrimento, que necessitam da criação de outras mentalidades de análise.

  15. AVALIAÇÃO DO RISCO DE DESENVOLVIMENTO DE TRANSTORNOS ALIMENTARES EM ALUNAS DO ENSINO MÉDIO DE ESCOLAS PARTICULARES, ARACAJU - SE

    OpenAIRE

    MARIA DE FáTIMA MELO SILVEIRA; MAIARA MAIA MOREIRA; TALITA KIZZY BARBOSA BARRETO; ALINE MOTA DE BARROS MARCELLINI; PAULO SéRGIO MARCELLINI

    2009-01-01

    Os transtornos alimentares são quadros psiquiátricos caracterizados por uma grave perturbação do comportamento alimentar, sendo a Anorexia e Bulimia Nervosa os dois tipos principais, os quais afetam principalmente adolescentes femininas e adultas jovens. O objetivo do trabalho foi avaliar o risco de alunas do ensino médio em escolas particulares de Aracaju-SE de desenvolverem transtornos alimentares dos tipos Anorexia e Bulimia Nervosa. Utilizou-se um questioná...

  16. Desigualdades no acesso e na utilização de serviços odontológicos no Brasil: análise do Sistema de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (VIGITEL 2009 Inequalities in access to and utilization of dental care in Brazil: an analysis of the Telephone Survey Surveillance System for Risk and Protective Factors for Chronic Diseases (VIGITEL 2009

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marco A. Peres

    2012-01-01

    Full Text Available Pretendeu-se descrever o padrão de utilização, acesso e tipo de serviço odontológico utilizado por adultos e idosos das capitais brasileiras segundo características sociodemográficas. Foram utilizados dados do Sistema de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (VIGITEL de 2009 (n = 54.367. Mais da metade da população revelou necessitar de tratamento odontológico no último ano e desta, 15,2% não conseguiram atendimento. O uso de serviço odontológico privado foi de 61,1%. A participação do Sistema Único de Saúde variou de 6,2% no Distrito Federal a 35,2% em Boa Vista. Análises multivariáveis de Poisson revelaram que as maiores prevalências de percepção de necessidades de tratamento ocorreram nas mulheres, nos adultos de meia idade e nos mais escolarizados. Falta de acesso aos serviços odontológicos foram mais prevalentes em mulheres, nos mais jovens, nos menos escolarizados e nos pardos. Os resultados deste estudo revelam a existência de marcantes iniquidades na utilização e acesso de serviços odontológicos nas capitais brasileiras.This study aimed to evaluate access to and utilization of various types of dental services by individuals 18 years or older in Brazil's State capitals. We gathered data from the Telephone Survey Surveillance System for Risk and Protective Factors for Chronic Diseases (VIGITEL in 2009 (n = 54,367. More than half of the target population reported the need for dental treatment in the previous year; of these, 15.2% lacked access to dental services when needed. The private sector provided 61.1% of all dental appointments. The share of services provided by the Unified National Health System (SUS ranged from 6.2% in the Federal District to 35.2% in Boa Vista, in the North. Multivariate Poisson regression models showed higher prevalence of dental treatment needs among women, middle-aged adults, and individuals with more schooling. Lack of

  17. O que é comportamento de risco para transtornos alimentares em adolescentes? What is adolescents' eating disorder risk behavior?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Greisse Viero da Silva Leal

    2013-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Caracterizar comportamento de risco para transtornos alimentares (TA e sua frequência entre adolescentes em uma revisão da literatura nacional e internacional. MÉTODOS: Foi realizada uma busca bibliográfica por meio de uma revisão integrativa nas bases de dados PubMed (US National Library of Medicinee Lilacs e no portal SciELO,utilizando-se os descritores relacionados à "eating disorder risk behavior". Foram selecionados artigos publicados nos últimos 10 anos, nos idiomas português, espanhol e inglês, e especificamente com adolescentes. Foram avaliados 76 artigos e analisados a nomenclatura e os instrumentos utilizados para avaliar comportamento de risco para TA e sua prevalência. RESULTADOS: Encontrou-se uma série de termos para avaliar risco para TA. A metodologia mais utilizada foi a de questionários e escalas, destacando-se o EAT-26 ou 40 e o BITE, dentre os mais frequentes; a prevalência de risco variou de 0,24% a 58,4%. CONCLUSÃO: Diferentes nomenclaturas e instrumentos são utilizados para avaliar comportamento de risco para TA entre adolescentes, com grande amplitude nos resultados de prevalência. Maior padronização de termos e metodologia de avaliação permitiriam melhor comparação entre estudos epidemiológicos em diferentes localidades.OBJECTIVE: To characterize eating disorder (ED risk behavior and its prevalence among adolescents in a review of national and international literature. METHODS: We carried out an integrative review on PubMed (U.S. National Library of Medicine, Lilacs and SciELO, using descriptors related to "eating disorder risk behavior". Articles published in the last 10 years, in Portuguese, Spanish and English, and specifically with adolescents were selected. The nomenclature and instruments used to assess eating disorder risk behaviors and its frequency were evaluated and analyzed in 76 articles. RESULTS: Several terms to assess ED risk behavior were found; questionnaires and scales

  18. Efeitos da Exposição aos Fatores de Risco Comportamentais à Saúde sobre o Atraso Escolar no Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aléssio Tony Cavalcanti de Almeida

    2016-06-01

    Full Text Available Este trabalho objetiva avaliar o papel da exposição de alunos aos fatores de risco comportamentais à saúde - cigarro, bebida alcoólica e excesso de peso - no resultado educacional no Brasil. Para tanto, os microdados da Pesquisa Nacional de Saúde do Escolar (PENSE 2012 em conjunto com técnicas paramétricas e não-paramétricas são utilizados para a estimação do efeito da exposição a esses fatores sobre o indicador de atraso escolar de discentes no 9° ano do ensino fundamental. Os principais resultados da pesquisa indicam que a exposição aos fatores de risco se relaciona de forma direta com o atraso escolar, sendo os efeitos mais intensos para os estudantes com pior nível socioeconômico. Esses achados sugerem a importância de políticas públicas que promovam a prevenção desses fatores de risco desde a infância, pois as consequências dessas exposições podem gerar desdobramentos não apenas na saúde mas também no componente educacional do capital humano.

  19. Classificação de risco em pediatria: construção e validação de um guia para enfermeiros

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Joelna Eline Gomes Lacerda Freitas Veras

    2015-10-01

    Full Text Available RESUMOObjetivo:construir e validar um guia abreviado do protocolo de Acolhimento com Classificação de Risco em pediatria.Método:estudo metodológico, desenvolvido em duas etapas: elaboração do guia e validação aparente e de conteúdo. A elaboração baseou-se na estratificação do conteúdo do protocolo em cinco indicadores de risco, conforme a complexidade, sendo submetido à validação por nove juízes divididos em dois grupos: docentes-pesquisadores e enfermeiros.Resultados:na validação aparente, os juízes consideraram os 25 itens do guia claros e compreensíveis com concordância acima de 70%. Na validação de conteúdo, 17 (68% itens foram considerados relevantes por 88,9% dos juízes. Os oito itens considerados irrelevantes foram alterados conforme sugestões dos juízes, alcançando-se o Índice de Validade de Conteúdo global de 0,98.Conclusão:o estudo resultou num guia de classificação de risco pediátrico válido para avaliar a criança nos serviços de emergência.

  20. Risco do uso do eletrocautério em pacientes portadores de adornos metálicos Risk of the use of electrocautery in patient with metallic ornaments

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristina Toledo Afonso

    2010-09-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: A eletrocirurgia é tecnologia conhecida há longo tempo que, atualmente, tem adquirido cada vez mais destaque. Apesar disso, ainda apresenta vários riscos quanto à sua utilização. Várias lesões podem ser causadas por eletrocautérios, sendo as queimaduras a complicação mais frequente. Nem sempre existe a cooperção do paciente frente a medidas preventivas. MÉTODO: Revisão da literatura pertinente em função de questionamento jurídico de paciente que se negou a retirar seus ornamentos no início de procedimento cirúrgico, já estando ela na sala de operações. CONCLUSÃO: É essencial o conhecimento dos fundamentos da eletrocirurgia, seu uso correto, equipamento seguro, monitoramento constante e investigação imediata diante de quaisquer suspeitas, para minimizar o risco de acidentes em paciente com adornos metálicos, e a cooperação do paciente na obediência das medidas preventivas de acidentes deve ser obrigatória.INTRODUCTION: Electrosurgery technology is known in a long time ago, and has gained increasing prominence. Nevertheless, it still presents many risks as to its use. Several lesions can be caused by electrocautery, and burns are the most frequent complications. There is not always patient's cooperation regarding preventive measures. METHOD: Review of relevant literature on the basis of legal questioning of a patient who refused to remove their ornaments at the beginning of surgery, being already in the operating room. CONCLUSION: It is essential to have the knowledge of the fundamentals of electrosurgery, its correct use, safety equipment, constant monitoring and immediate investigation to minimize the risk of accidents in patients with metal ornaments, and patient cooperation in obeying the preventive measures of accidents should be mandatory.

  1. Assistência prestada à adolescente no momento do parto em uma maternidade de alto risco

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Márcia Juliana Mello da Silva

    2015-03-01

    Full Text Available Objetivo: Analisar as práticas obstétricas realizadas em adolescentes parturientes atendidas em uma maternidade de alto risco. Métodos: Estudo observacional, de corte transversal, documental e descritivo, realizado com busca em 157 prontuários de parturientes adolescentes atendidas em maternidade de alto risco em Maceió-AL, no período de janeiro a junho/2013. Avaliaram-se variáveis socioeconômicas, práticas obstétricas e clínica, sendo os resultados apresentados em frequência simples. Resultados: Entre as parturientes, a idade variou de 14 a 19 anos, e 96 (61,1% viviam em união estável. Com relação aos dados obstétricos, 125 (79,6% eram primigestas e 73 realizaram de 4 a 6 consultas de pré-natal. Em 107 (68,1% prontuários o partograma não foi encontrado. Entre os partos realizados, em 75 (47,8% os profissionais não realizaram episiotomia, em 110 (70,1% foram realizadas manobras ativas do 3º estágio e 146 (86,6% adolescentes não tiveram complicações clínicas no parto. Conclusão: Evidenciou-se que algumas práticas obstétricas preconizadas pelo Ministério da Saúde estão sendo realizadas com as parturientes adolescentes, mas não são suficientes para uma assistência de qualidade.

  2. A relação das Habilidades Sociais educativas e das práticas educativas maternas com os problemas de comportamento em adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gabriela Mello Sabbag

    2011-08-01

    Full Text Available Este estudo buscou correlacionar as habilidades sociais educativas e as práticas educativas maternas com as habilidades sociais e os problemas de comportamento dos adolescentes do sexo feminino e masculino, considerando os grupos de risco e os de não risco para problemas de comportamento. Para tanto, foram investigados os comportamentos maternos através do Roteiro de Habilidades Sociais Educativas Parentais (RE-HSE-P e do Inventário de Estilo Parental (IEP. Os comportamentos dos adolescentes foram avaliados através do RE-HSE-P e do Child Behavior Checklist. Participaram do estudo 24 mães e seus filhos adolescentes dos grupos de risco e de não risco. Os resultados apontaram para correlações positivas entre as habilidades sociais educativas maternas no RE-HSE-P e as práticas educativas maternas no IEP. As comparações entre os grupos de risco e os de não risco mostraram que as mães dos adolescentes do grupo de risco apresentaram maior frequência de práticas negativas. Seus filhos mostraram menor frequência de habilidades sociais e maior frequência de problemas de comportamento. Não foram encontradas divergências entre as práticas maternas aplicadas aos adolescentes do sexo masculino e feminino. Também não houve diferenças quanto às habilidades sociais e aos problemas de comportamento em meninos e meninas.

  3. ANÁLISE/AVALIAÇÃO DE RISCOS DE SEGURANÇA DE INFORMAÇÃO: QUANTIFICAÇÃO DE CONFIANÇA COMO UM PARÂMETRO DE REDUÇÃO DE DESVIOS DE RESULTADOS POR CAUSAS HUMANAS

    OpenAIRE

    Víctor Leonel Orozco López

    2014-01-01

    A gestão de riscos constitui uma base para a tomada de decisão, uma vez que cria uma visão que permite identificar e controlar os riscos que podem comprometer os ativos de uma determinada organização. A norma ISO 27005:2011 afirma que um dos passos fundamentais em um plano de gerenciamento de risco é a definição de políticas de segurança mediante o uso de avaliação de riscos para estimar a gravidade das ameaças que uma determinada organização enfrenta. Apesar da existência de v...

  4. Fatores de risco na gagueira desenvolvimental familial e isolada Risk factors in the familial and sporadic developmental stuttering

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristiane Moço Canhetti de Oliveira

    2011-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: investigar e comparar os achados dos fatores de risco para a cronicidade da gagueira em crianças com gagueira desenvolvimental familial e isolada. MÉTODOS: participaram 60 crianças de ambos os gêneros, divididas em dois grupos: GI - 30 crianças com gagueira desenvolvimental familial; GII - 30 crianças com gagueira desenvolvimental isolada. A coleta de dados foi realizada por meio do Protocolo de Risco para a Gagueira do Desenvolvimento - PRGD (Andrade, 2006, que considera os seguintes fatores de risco: idade, gênero, tipo de surgimento e tempo de duração das disfluências, tipologia das disfluências, fatores comunicativos e qualitativos associados, histórico mórbido pré, peri e pós natal, fatores estressantes que ocorreram próximo ao surgimento do distúrbio, histórico familial, reação pessoal, familiar e social e atitudes familiares. RESULTADOS: quando o grupo I (GI foi comparado com o grupo II (GII, a única diferença estatisticamente significante foi com relação aos fatores estressantes que ocorreram próximo ao surgimento do distúrbio. CONCLUSÃO: os resultados confirmam a natureza complexa da gagueira, bem como a necessidade de se investigar os vários fatores considerados como de risco para o distúrbio, com intuito de melhorar a compreensão de suas possíveis etiologias.PURPOSE: to investigate and compare the risk factors for stuttering between children with familial developmental stuttering and children with sporadic developmental stuttering. METHODS: 60 children of both genders with stuttering took part, divided in two groups: GI - 30 children with familial developmental stuttering; GII - 30 children with sporadic developmental stuttering. Data were gathered through the Protocol of Risk for the Developmental Stuttering - PRGD (Andrade, 2006, which considers the following factors: age; gender; manner of onset and time of duration for the disfluencies; typology of the disfluencies; associated communicative

  5. Violência no trabalho em enfermagem: um novo risco ocupacional Violencia en el trabajo de enfermería: un nuevo riesgo ocupacional Violence in the nursing workplace: a new occupational risk

    OpenAIRE

    Luciana Contrera-Moreno; Maria Inês Contrera-Moreno

    2004-01-01

    Este estudo tem como objetivo apresentar uma revisão da literatura sobre o tema violência no trabalho em enfermagem. Os principais aspectos com relação à violência no trabalho em enfermagem encontrados na literatura foram: os tipos de violência, a prevalência da violência no ambiente de trabalho; os fatores associados ao risco, as conseqüências para os trabalhadores e prevenção destes eventos. Os trabalhadores estão expostos a variadas formas de violência, trazendo graves conseqüências à saúd...

  6. Factores de riesgo para el consumo de alcohol en escolares de 10 a 18 años, de establecimientos educativos fiscales en la ciudad de La Paz - Bolivia (2003 - 2004 Fatores de risco para o consumo de álcool em escolares de 10 a 18 anos em escolas públicas na cidade de La Paz - Bolívia (2003-2004 Risk factors for alcohol consumption in students between 10 and 18 years old in public schools located in La Paz - Bolivia (2003-2004

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Magdalena Ribera Oliveira

    2005-10-01

    Full Text Available El estudio presenta la exposición de estudiantes de establecimientos educativos fiscales de la ciudad de La Paz (Bolivia, de grado primario y medio, a factores de riesgo incluidos en 7 áreas (conducta, salud mental, habilidades sociales, familia, escuela, pares y recreación. La muestra fue seleccionada de tres escuelas, conformando un total de 88 alumnos, la mayoría de 7ª y 8ª nivel. La muestra estuvo compuesta por dos grupos: caso (consumían alcohol y/o drogas y control (no consumían. Los resultados evidenciaron factores de riesgo entre los estudiantes pertenecientes al grupo caso, mostrando de manera significativa la presencia de factores socio-económicos. Cabe subrayar que los jóvenes del grupo control también estuvieron vulnerables en algunas áreas (conducta, recreación y escuela. Asimismo, para ellos, la familia se identificó como factor de protección significativo en relación al grupo caso.O estudo apresenta a exposição de estudantes de escolas publicas de La Paz (Bolívia de nível fundamental e médio a fatores de risco incluídos em 7 áreas (comportamento, saúde mental, habilidades sociais, família escola, pares e recreação. A amostra foi selecionada de três escolas, conformando um total de 88 alunos, a maioria da 7ª e 8ª série. A amostra esteve composta por dois grupos: caso (consumiam álcool e/ou drogas e controle (não consumiam. Os resultados evidenciaram fatores de risco nos estudantes pertencentes ao grupo caso, mostrando de maneira significativa a presença de fatores sócio - econômicos. Cabe ressaltar ainda que os jovens do grupo controle também estiveram vulneráveis em algumas áreas (comportamento, recreação e escola enquanto para eles a família se identificou como fator de proteção significativo em relação ao grupo caso.This study discusses how basic and secondary students from public schools in La Paz (Bolivia are exposed to risk factors included in 7 areas (behavior, mental health

  7. Aleitamento materno exclusivo atenua riscos cardiovasculares e estado inflamatório em adolescentes obesos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Deborah Cristina Landi MASQUIO

    2014-01-01

    Full Text Available Objetivo: Verificar o perfil inflamatório e o risco de doenças das artérias carótidas em adolescentes obesos de acordo com tempo de aleitamento materno exclusivo na infância, Métodos: Trata-se de estudo transversal realizado com 118 adolescentes obesos, A duração do aleitamento materno exclusivo foi obtida por meio de entrevista com os pais, A espessura da íntima-média da artéria carótida (EIMc foi estimada por ultrassonografia, Massa corporal, Índice de Massa Corporal (IMC, Circunferência da Cintura (CC e pressão arterial foram mensurados, Dosagens séricas de glicose, insulina, colesterol total, LDL, adiponectina e leptina foram realizadas, A resistência insulínica foi determinada por meio do Homeostasis Model Assessment Insulin Resistance (HOMA-IR, Resultados: Adiponectina apresentou-se significativamente superior em adolescentes amamentados exclusivamente até os 6 meses, Por outro lado, a EIMc mostrou-se significativamente inferior nesses adolescentes, Massa corporal, IMC, gordura corporal, CC, insulina e HOMA-IR apresentaram-se significativamente inferiores em adolescentes que receberam aleitamento materno exclusivo até os seis meses comparados aos que não receberam, Insulina e HOMA-IR associaram-se com a massa corporal, IMC, CC e gordura corporal, As concentrações de leptina associaram-se negativamente com adiponectina e positivamente com gordura corporal e IMC, Pressão arterial sistólica e diastólica foram preditas positivamente pela massa corporal, IMC e CC, Conclusão: Adolescentes obesos amamentados exclusivamente por 6 meses apresentam um perfil antropométrico e metabólico e estado inflamatório mais atenuado, bem como menores riscos cardiovasculares, o que pode contribuir para redução de riscos de desenvolvimento de aterosclerose em longo prazo.

  8. Fatores de risco para o câncer de colo do útero em mulheres reclusas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Saiwori de Jesus Silva Bezerra dos Anjos

    2013-08-01

    Full Text Available Objetivou-se identificar os fatores de risco para o desenvolvimento do câncer de colo uterino em mulheres reclusas. Estudo descritivo, de corte transversal, realizado em um instituto penal feminino cearense. A seleção da amostra do estudo ocorreu de acordo com a disponibilidade de presidiárias no momento da coleta, totalizando 36 reclusas. Referente aos riscos para o câncer cervical, 16 mulheres (44,5% eram tabagistas, 24 (70,5% já fizeram uso do contraceptivo oral por um tempo médio de 46 meses, 24 (66,6% apresentaram coitarca com idade inferior a 15 anos; 26 (72,2% faziam uso de preservativo, porém 10 (38,4% o usavam raramente. Tais achados demonstram que a população encarcerada apresenta maior vulnerabilidade ao câncer de colo uterino, sendo necessária a promoção da saúde no ambiente, visto que tal momento se configura como uma oportunidade singular.

  9. Adolescência, comportamento sexual e fatores de risco à saúde

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Simone Gonçalves de Assis

    2014-02-01

    Full Text Available OBJETIVO : Analisar a relação entre comportamento sexual e fatores de risco à saúde física ou mental entre adolescentes. MÉTODOS : Estudo realizado com 3.195 escolares de 15 a 19 anos de idade, do segundo ano do ensino médio de escolas públicas e particulares das capitais de 10 estados do Brasil, em 2007-2008. Foi utilizada amostragem por conglomerados com multiestágio de seleção (escolas e alunos em cada cidade e rede de ensino pública e particular. Foi aplicado questionário a todos os alunos selecionados, com os seguintes itens: dados socioeconômicos e demográficos; comportamento sexual; “transar” com pessoas do mesmo sexo, do sexo oposto ou de ambos os sexos; uso de bebida alcoólica e maconha; usar camisinha ao “transar”; presença de experiências sexuais traumáticas na infância ou adolescência; e ideação suicida. A análise incluiu descrição de frequências, teste de Qui-quadrado, análise de correspondência múltipla e de cluster. Foram analisadas qualitativamente, por análise dos conteúdos manifestos, as respostas a uma questão livre em que o adolescente expressou comentários gerais sobre si e sua vida. RESULTADOS : Cerca de 3,0% dos adolescentes referiu comportamento homossexual ou bissexual, sem diferenciação de sexo, idade, cor da pele, estrato social, estrutura familiar e rede de ensino. Adolescentes com comportamento homo/bissexual comparados aos heterossexuais relataram (p < 0,05: ficar de “porre” (18,7% e 10,5%, respectivamente, uso frequente de maconha (6,1% e 2,1%, respectivamente, ideação suicida (42,5% e 18,7%, respectivamente e ter sido vítima de violência sexual (11,7% e 1,5%; respectivamente. Adolescentes com comportamento homo/bissexual relataram utilizar menos preservativo de forma frequente (74,2% do que aqueles com comportamento heterossexual (48,6%, p < 0,001. Três grupos foram encontrados na análise de correspondência: composto por adolescentes com comportamento homo

  10. Biopolítica e risco: a nova lógica do capitalismo global

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carla Baiense Felix

    2011-01-01

    Full Text Available Entre os meses de abril e maio de 2008, duas discussões tomaram a cena midiática no Brasil e no mundo: a crise de abastecimento de alimentos e o papel dos biocombustíveis na escalada de preços e de fome globais. Ambos os debates relacionavam-se ao velho problema tamanho da população X capacidade de produção de alimentos, mas aconteciam dentro de um universo político específico: a proximidade da rodada de Doha da OMC, considerada crucial para definição de regras mais favoráveis ao livre comércio de produtos agrícolas. Neste artigo, para o qual selecionamos uma série de reportagens sobre a crise de abastecimento, os biocombustíveis e as tarifas comerciais, publicadas pelo jornal O Globo no período, analisaremos o debate midiático sobre a relação entre fome e risco de instabilidade social, como sintoma da biopolítica atual.

  11. Associação entre peso de nascimento e fatores de risco cardiovascular em adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Amenaide Carvalho Alves de Sousa

    2013-07-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Peso ao nascer (PN é um determinante de risco a médio e longo prazo de fatores de risco cardiovascular. OBJETIVO: Estudar a associação entre peso ao nascer e fatores de risco cardiovascular em adolescentes de Salvador. MÉTODOS: Estudo de corte transversal com grupos de comparação por PN. Amostra composta de 250 adolescentes, classificados segundo IMC: normal alto (>p50 e p85 ep95. As variáveis de risco para comparação foram: circunferência abdominal, pressão arterial, perfil lipídico, glicemia, insulina sérica, HOMA-RI e síndrome metabólica. Peso de nascimento foi informado pelos pais e classificado como baixo peso (PN 4.000g. RESULTADOS: Cento e cinquenta e três (61,2% meninas, idade 13,74 ± 2,03 anos, PN normal 80,8%, baixo PN 8,0% e alto PN 11,2%. Observou-se maior frequência de obesidade (42,9%, p=0,005, PAS e PAD elevadas (42,9%, p=0,000 e 35,7%, p=0,007, respectivamente e síndrome metabólica (46,4%,p =0,002 no grupo com PN alto em relação ao PN normal. Indivíduos de alto PN apresentaram RP para PAS elevada 3,3(I.C. 95%, 1,7-6,4 e para obesidade 2,6 (I.C. 95%, 1,3-5,2 em relação aos com PN normal. A CA foi 83,3 ± 10,1 [p=0,038] nos adolescentes com alto PN. O perfil lipídico não mostrou diferenças estatisticamente significantes. CONCLUSÃO: Os dados sugerem que obesidade, PAS e PAD elevadas e síndrome metabólica na adolescência têm chance significativa de associar-se a alto peso no nascimento.

  12. O escore de risco de sangramento como preditor de mortalidade em pacientes com síndromes coronarianas agudas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Carlos Nicolau

    2013-12-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A ocorrência de sangramento aumenta a mortalidade intra-hospitalar em pacientes com síndromes coronarianas agudas (SCAs, e há uma boa correlação entre os escores de risco de sangramento e a incidência de eventos hemorrágicos. No entanto, o papel dos escores de risco de sangramento como fatores preditivos de mortalidade é pouco estudado. OBJETIVO: Analisar o papel do escore de risco de sangramento como fator preditivo de mortalidade intra-hospitalar numa coorte de pacientes com SCA tratados num centro terciário de cardiologia. MÉTODOS: Dos 1.655 pacientes com SCA (547 com SCA com supra de ST e 1.118 com SCA sem supra de ST, calculou-se o escore de risco de sangramento ACUITY/HORIZONS prospectivamente em 249 pacientes e retrospectivamente nos demais 1.416. Informações sobre mortalidade e complicações hemorrágicas também foram obtidas. RESULTADOS: A idade média da população estudada foi 64,3 ± 12,6 anos e o escore de risco de sangramento médio foi 18 ± 7,7. A correlação entre sangramento e mortalidade foi altamente significativa (p < 0,001; OR = 5,29, assim como a correlação entre escore de sangramento e hemorragia intra-hospitalar (p < 0,001; OR = 1,058, e entre escore de sangramento e mortalidade intra-hospitalar (OR ajustado = 1,121, p < 0,001, área sob a curva ROC 0,753; p < 0,001. O OR ajustado e a área sob a curva ROC para a população com SCA com supra de ST foram 1,046 (p = 0,046 e 0,686 ± 0,040 (p < 0,001, respectivamente, e para SCA sem supra de ST foram 1,150 (p < 0,001 e 0,769 ± 0,036 (p < 0,001, respectivamente. CONCLUSÃO: O escore de risco de sangramento é um fator preditivo muito útil e altamente confiável para mortalidade intra-hospitalar em uma grande variedade de pacientes com SCAs, especialmente aqueles com angina instável ou infarto agudo do miocárdio sem supra de ST.

  13. Prevalência e fatores de risco de leptospirose bovina no estado do Maranhão

    OpenAIRE

    Silva,Felipe Jorge da

    2011-01-01

    Foram investigados a prevalência e os fatores de risco da leptospirose bovina no Estado do Maranhão. O Estado foi dividido em quatro circuitos amostrais com base em parâmetros de produção distintos que variam conforme os diferentes sistemas de produção, as práticas de manejo, a finalidade de exploração, o tamanho médio dos rebanhos e os sistemas de comercialização. Objetivou-se estudar as características epidemiológicas da leptospirose bovina no Estado do Maranhão, de modo a determinar a prev...

  14. Significando o risco sanitário: modos de atuação sobre o risco na vigilância sanitária / Meaning the health risk: modes of action on the risk in health surveillance

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Valesca Fernandes GIlson Silva

    2014-05-01

    Full Text Available Este estudo qualitativo, que utiliza o Interacionismo Simbólico como referencial teórico e a Teoria Fundamentada nos Dados como método, buscou compreender os modos de atuação sobre o risco. Sintetiza os significados do risco para os profissionais da Vigilância Sanitária (VISA e analisa os modos de atuação para o seu controle. A síntese é a sistematização das interpretações e significados do risco. A análise apresenta a existência de dois modos de atuação, permitindo empreender a aplicação do significado de risco no âmbito do domínio de um saber específico. Entre a identificação do risco e a intervenção existem processos que mesclam a racionalidade à subjetividade, a autoridade ao controle, a experiência ao conhecimento formal adquirido. O agir do profissional da VISA é constituído por conhecimentos, pela experiência adquirida, pelos contextos socioculturais e pelas interações que definem e redefinem os modos de atuar. As ações são baseadas nos significados do risco que se deslocam no plano da objetividade e da subjetividade, e a legislação é um importante instrumento de decisão e de persuasão. Embora ocorra um deslocamento para o uso do conhecimento e da experiência, é o arcabouço legal que imprime o que deve ou não ser controlado. ------------------------------------------------------------------------- This qualitative study that utilizes Symbolic Interactionism as a theoretical background and Grounded Theory as a method, sought to understand the modes of action about risk. It summarizes the meanings of risk to the professionals of Health Surveillance (HS, and analyses the modes of action to control it. The summary is the systematization of the in-terpretations and meanings of risk. The analysis shows the existence of two modes of ac-tion, allowing to undertake the application of the meaning of risk in the scope of domain of an specific knowledge. Between the risk identification and the

  15. Genes relacionados ao metabolismo dos fosfolípides como fatores de risco para o transtorno afetivo bipolar

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Meira-Lima Ivanor V

    2003-01-01

    Full Text Available Os estudos de epidemiologia genética fornecem consistente evidência de que o componente genético tem um papel preponderante no risco para o Transtorno Afetivo Bipolar (TAB, embora genes de vulnerabilidade ainda não tenham sido identificados de forma inequívoca. Nesta atualização os autores apresentam dados demonstrando que os fosfolípides exercem um relevante papel nos processos de sinalização intracelular e que estudos da neuroquímica dos estabilizadores do humor convergem em apontar para uma ação destas drogas nas vias de transdução de sinais reguladas pelas fosfolipases. Concluem que investigações de variantes nos genes que codificam enzimas do metabolismo dos fosfolípides como potenciais genes de susceptibilidade podem ampliar o conhecimento acerca dos fatores de risco e dos mecanismos fisiopatológicos envolvidos no surgimento destes transtornos do humor.

  16. Transtorno de déficit de atenção/hiperatividade, comorbidades e situações de risco

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcelo C. Reinhardt

    2013-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: O transtorno de déficit de atenção/hiperatividade (TDAH apresenta alta prevalência, e seus sintomas apresentam-se frequentemente como um problema de saúde pública considerável. Assim, o objetivo desta revisão é verificar estas situações de urgência provocadas por determinadas comorbidades, ou por expor o paciente a um maior risco de acidentes. FONTE DOS DADOS: Foi realizada uma pesquisa bibliográfica na base de dados PubMed entre os anos de 1992 e 2012, utilizando os descritores "adhd", "urgency", "comorbidity", "substance disorder", "alcohol", "eating disorder", "suicide", "trauma", "abuse", "crime", "internet", "videogame", "bullying", e suas combinações. A seleção dos artigos considerou aqueles mais relevantes de acordo com a abrangência do tema proposto, de forma não sistemática. SíNTESE DOS DADOS: Foram encontradas diversas situações em que o TDAH é o diagnóstico psiquiátrico mais relevante em relação à urgência, como risco de acidentes, risco de suicídio e adição, exposição à violência ou risco de abuso de internet ou abuso sexual; ou então o TDAH é a comorbidade mais prevalente e está igualmente correlacionada à urgência, como no transtorno de humor bipolar e nos transtornos alimentares. CONCLUSÕES: Nossos resultados mostram diversas comorbidades e situações de risco envolvendo o diagnóstico de TDAH e, assim, reforçam a importância de serem reconhecidas para um tratamento adequado deste transtorno.

  17. Risco de quedas em idosos atendidos em um hospital público de Brasília

    OpenAIRE

    Maria Paula Silva Campos

    2008-01-01

    O aumento da expectativa de vida e conseqüente crescimento da população idosa têm gerado mudanças nos perfis de morbidade e mortalidade, implicando no aumento da prevalência de doenças crônico-degenerativas e de eventos cujas conseqüências podem ser incapacitantes, como as quedas. Objetivou-se avaliar o risco de queda em idosos, identificando os possíveis fatores envolvidos. Trata-se de estudo transversal, com uma amostra de 155 pacientes, 131 mulheres e 24 homens, com idade de 60 anos ou mai...

  18. Risco de febre aftosa associado ao transito de bovinos no Triângulo mineiro, Minas Gerais, Brasil

    OpenAIRE

    Jorge Caetano Junior

    2000-01-01

    O transito de bovinos encontra-se,em muitas oportunidades,associado à ocorrência de febre aftosa.O triangulo Mineiro,região incluída na recente ampliação da zona livre de febre aftosa com vacinação,apresenta enorme potencial enquanto fornecedor de carne bovina para o transito de bovinos nessa região ,analisando-o,enquanto elemento necessário à avaliação quantitativa de risco,promoveu-se o processamento ,mediante sistema eletrônico pelo instituto Mineiro de Agropecuária ,que resumem os registr...

  19. Experiências de cuidado vividas na infância e comportamentos de risco para a saúde

    OpenAIRE

    Mendonça, Liliane; Maia,Ângela; Ribeiro, Fátima

    2007-01-01

    Introdução: Os factores de risco para a saúde dos adolescentes têm sido estudados de forma a melhor compreender estes comportamentos, sendo que o contexto familiar, assim como diversos stressores a ele associados, têm sido considerados nesta investigação. Este trabalho tem como objectivos conhecer a prevalência destes comportamentos, averiguar se têm igual distribuição nos dois sexos e estudar a sua associação as características das relações familiares. Método: 208 adolescentes de duas esc...

  20. O enfermeiro analista de risco institucional El enfermero analista de riesgos institucionales The nurse risk analysis institucional

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Liliane Bauer Feldman

    2004-12-01

    Full Text Available Este estudo descritivo relata o trabalho desenvolvido pelo enfermeiro analista de risco; que é um processo de identificação, avaliação e tratamento dos riscos profissionais e institucionais que qualquer hospital está exposto. Além da responsabilidade pela qualidade oferecida, há o compromisso com a Responsabilidade Civil Profissional, isto é, o desenvolvimento do trabalho realizado pelos profissionais dentro da instituição. A coleta de dados realiza-se com o preenchimento de um formulário, visita e; entrevista formal / informal com os responsáveis pelos serviços. O resultado obtido identifica os fatores potenciais de risco, que podem gerar danos profissionais e hospitalares. O enfermeiro elabora o relatório, e como estratégia preventiva enumera recomendações. Evidenciamos que examinando cuidadosamente cada risco é possível determinar a melhor forma de gerenciá-lo.El estudio relata la experiencia desarrollada a través del enfermero análisis de riesgo, es un proceso de identificación, evaluación y tratamiento de los riesgos profesionales e institucionales a los que cualquier hospital está expuesto. Además de la responsabilidad por la calidad ofrecida, ten la Responsabilidad Civil Profesional del trabajo realizado por los profesionales dentro de la institución. La recopilación de datos es efectuada mediante la utilización de un formulario específico, así como entrevistas. El resultado obtenido identifica los factores potenciales de riesgo que puedan generar daños profesionales e institucionales y el enfermero elabora un informe con recomendaciones. Conclusión: examinando cada riesgo, es posible determinar la mejor forma de gerencial lo.The study reports the experience developed by the risk analysis nurse by a process of identification, evaluation and treatment of the professional and institutional risks, to which each hospital is exposed. Besides the liability related to quality, there is another regarding the

  1. Micronutrientes antioxidantes e risco cardiovascular em pacientes com diabetes: uma revisão sistemática

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roberta Aguiar Sarmento

    2013-09-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Associações inversas entre a ingestão de micronutrientes e desfechos cardiovasculares foram demonstradas previamente na população geral. OBJETIVO: Revisar sistematicamente o papel de micronutrientes no desenvolvimento/presença de desfechos cardiovasculares em pacientes com diabetes. MÉTODOS: Foi realizada uma busca nas bases de dados Medline, Embase e Scopus (Janeiro/1949-Março/2012 por estudos observacionais que avaliaram micronutrientes antioxidantes e desfechos cardiovasculares em pacientes com diabetes e, em seguida, os dados foram selecionados e extraídos (dois revisores independentes. RESULTADOS: Dos 15658 estudos identificados, cinco foram incluídos, sendo três de caso-controle e dois de coorte, com um acompanhamento de 7-15 anos. Uma metanálise não foi realizada devido aos diferentes micronutrientes antioxidantes (tipos e métodos de medição e os desfechos avaliados. Os micronutrientes avaliados foram: vitamina C (dieta e/ou suplementação, cromo e selênio em amostras de unha, e α-tocoferol e zinco no soro. A ingestão de > 300 mg de vitamina C a partir de uplementos esteve associada a um risco aumentado de doença cardiovascular, doença arterial coronariana (DAC e acidente vascular cerebral (RR 1,69-2,37. Altos níveis de α-tocoferol no soro foram associados a um risco 30% inferior de DAC em outro estudo (RR 0,71, IC 95% 0,53-0,94. Entre os minerais (zinco, selênio e cromo, foi observada uma associação inversa entre o zinco e a DAC: níveis inferiores a 14,1 μmol/L foram associados a um risco aumentado para DAC (RR 1,70, IC 95% 1,21-2,38. CONCLUSÃO: A informação disponível sobre essa questão é escassa. Estudos prospectivos adicionais são necessários para elucidar o papel desses nutrientes no risco cardiovascular de pacientes com diabetes.

  2. Diabetes mellitus tipo 2: investigaÃÃo dos fatores de risco em adolescentes de escolas particulares de fortaleza

    OpenAIRE

    HÃrica Cristina Alves de Vasconcelos

    2008-01-01

    Objetivou-se, com este estudo, identificar os fatores de risco para diabetes tipo 2 numa populaÃÃo de adolescentes de escolas particulares da cidade de Fortaleza.Trata-se de um estudo transversal realizado com 794 alunos de 12 a 17 anos nos meses de maio, junho, agosto e setembro de 2007. Doze escolas particulares das seis regionais que compÃem a cidade de Fortaleza foram selecionadas. Utilizou-se um formulÃrio onde se registraram dados pessoais, caracterÃsticas sociodemogrÃficas, hÃbitos ali...

  3. Risco de suicídio e comorbidades psiquiátricas no transtorno de ansiedade generalizada

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juarez Roberto de Oliveira Vasconcelos

    2015-12-01

    Full Text Available RESUMO Objetivo Investigar o risco de suicídio nos pacientes com transtorno de ansiedade generalizada (TAG. Métodos Estudo transversal com 253 pacientes dos ambulatórios de Psiquiatria, Nefrologia e Cardiologia do Hospital Universitário da Universidade Federal de Alagoas. O instrumento utilizado foi o MINI 5.0.0 (Mini-International Neuropsychiatric Interview. Resultados Os indivíduos com TAG corresponderam a 16,6% da amostra, sendo 30,8% nos pacientes entrevistados no ambulatório de psiquiatria e 11,3% nos pacientes entrevistados nos demais ambulatórios. A maioria é do sexo feminino (83,3%, casada (53,8%, sendo a média de idade de 44 (±12,2 anos. Houve comorbidade psiquiátrica em 88,1% dos entrevistados; 54,8% possuíam duas ou mais e 33,3% tinham apenas uma. A mais prevalente foi depressão maior (53,7%, seguida de distimia (21,4% e depressão recorrente (14,6%. O risco de suicídio foi observado em 54,8% dos indivíduos com TAG. Conclusão A prevalência de TAG foi significativamente maior que na população geral, principalmente no ambulatório de psiquiatria. A maioria dos pacientes apresentou comorbidade psiquiátrica, especialmente transtornos de humor, além de risco de suicídio. O TAG mostrou elevada correlação com transtornos de humor e significativa associação com o risco de suicídio.

  4. Câncer de estômago: fatores de risco

    OpenAIRE

    1997-01-01

    Há cinqüenta anos o câncer de estômago vem perdendo a importância em termos de morbi-mortalidade em países considerados de primeiro mundo. Isso não ocorre no Brasil. Os principais fatores de risco evidenciados a partir de estudos epidemiológicos em várias populações do mundo e associados a essa neoplasia são alguns padrões de dieta. Com a descoberta do papel carcinogênico das nitrosaminas e do potencial anti-oxidante da vitamina C, algumas das associações entre câncer gástrico e padrões de di...

  5. Homocisteína como fator de risco para doenças cardiovasculares

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sthefano Atique Gabriel

    2007-05-01

    Full Text Available Elevadas concentrações plasmáticas de homocisteína têm sido identificadas como um fator de risco independente para aterosclerose cerebral, coronariana e periférica. Os efeitos danosos da homocisteína sérica são fruto de suas características aterogênicas e trombogênicas. O tratamento mais eficaz para hiperhocisteinemia consiste na redução da homocisteína plasmática, através da fortificação alimentar com suplementos vitamínicos, ricos em vitamina B6, vitamina B12 e, principalmente, acido fólico. A dose recomendada é de 400 microgramos de folato por dia, sendo esta medida uma poderosa redutora da morbidade e mortalidade cardiovascular, além de prevenir possíveis defeitos de fechamento do tubo neural.

  6. Risco biológico na aviação = Biological risk in aviation

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vasconcelos, Diego Rigamonte

    2015-01-01

    Full Text Available Este artigo pretende alertar o público em geral e, em especial, os profissionais da aviação e da saúde quanto à perigosa influência da aviação na propagação de doenças infecciosas pelo mundo. Mostra-se, aqui, como o transporte massivo e constante de pessoas por todas as partes do planeta pode atuar como um ‘gatilho epidêmico’, disseminando doenças contagiosas muito rapidamente por todo o globo, e aponta-se a necessidade atual de se desenvolver um sistema preventivo mais eficaz, para um melhor gerenciamento desse risco

  7. Adesão ao Tratamento em Gestação de Alto Risco

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabíola Langaro

    Full Text Available No Brasil, aproximadamente 15% das gestações são de alto risco, sendo os diagnósticos de diabetes gestacional e hipertensão as causas mais frequentes dessa condição. Para a efetividade dos tratamentos indicados nesses casos, bem como alcance de desfechos favoráveis, é essencial a adesão da paciente às recomendações fornecidas pelas equipes de saúde, o que torna fundamental a avaliação desse indicador. A pesquisa apresentada avaliou a adesão de participantes de um programa de atendimento interdisciplinar a gestantes de alto risco desenvolvido em um hospital geral privado por meio de três instrumentos: Questionário Morisky-Green de adesão ao uso de medicação, Questionário de Adesão ao Tratamento e Pergunta descritiva de avaliação qualitativa. Durante oito meses, 83 gestantes responderam aos questionários, que possibilitaram identificar níveis de adesão ao longo do tempo de participação no programa, situações de não adesão mais frequentes, bem como variáveis que interferem nas medidas de adesão ao uso de medicação e ao tratamento global. Considera-se que os índices levantados são passíveis de uso como indicadores clínicos e gerenciais, possibilitando a comprovação da efetividade e melhoria constante das rotinas de saúde. Tais mecanismos são úteis para definição de protocolos, discussão de casos clínicos e mesmo para feedbackàs próprias pacientes.

  8. Como minimizar a lesão pulmonar no prematuro extremo: propostas Strategies to minimize lung injury in extremely low birth weight infants

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cleide Suguihara

    2005-03-01

    Full Text Available OBJETIVO: Apresentar uma revisão das principais causas da nova displasia broncopulmonar e as estratégias utilizadas para diminuir sua incidência nos prematuros extremos. FONTES DOS DADOS: Para essa revisão, pesquisas foram feitas na MEDLINE (1996 a outubro de 2004, no Cochrane Database, em resumos da Society for Pediatric Research e recentes conferências sobre o tema. SÍNTESE DOS DADOS: A tecnologia e os novos conhecimentos científicos têm aumentado significantemente a sobrevida de prematuros extremos. Esse aumento da sobrevida resultou em aumento da incidência de displasia broncopulmonar. Atualmente, a displasia broncopulmonar é mais freqüentemente observada em recém-nascidos OBJECTIVE: To review the main causes of new bronchopulmonary dysplasia and the strategies utilized to decrease its incidence in extremely low birth weight infants. DATA SOURCES: For this review a MEDLINE search from 1966 to October 2004, the Cochrane Database, abstracts from the Society for Pediatric Research and recent meetings on the topic were used. SUMMARY OF FINDINGS: The survival of extremely low birth weight infants has increased significantly due to improvement in both scientific knowledge and technology. This improvement in survival has therefore resulted in an increased incidence of bronchopulmonary dysplasia. The characteristics of bronchopulmonary dysplasia in extremely low birth weight infants, the so called "new" bronchopulmonary dysplasia are quite different from the classic bronchopulmonary dysplasia described by Northway. This new bronchopulmonary dysplasia has a multifactorial etiology, which includes volutrauma, atelectrauma, oxygen toxicity and lung inflammation. Therapy such as prenatal corticosteroids, exogenous surfactant, nasal continuous positive airway pressure, new mechanical ventilation modalities and gentle ventilation have been used in attempts to decrease lung injury severity. CONCLUSIONS: In order to prevent lung injury in

  9. Desfazendo mitos para minimizar o preconceito sobre a sexualidade de pessoas com deficiências Dispelling myths to minimize prejudice about the sexuality of people with disability

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Cláudia Bortolozzi Maia

    2010-08-01

    Full Text Available Este texto aborda a presença de idéias preconceituosas sobre a sexualidade de pessoas com deficiência discorrendo, de modo critico e reflexivo, sobre diversos mitos, tais como: (1 pessoas com deficiência são assexuadas: não têm sentimentos, pensamentos e necessidades sexuais; (2 pessoas com deficiência são hiperssexuadas: seus desejos são incontroláveis e exacerbados; (3 pessoas com deficiência são pouco atraentes, indesejáveis e incapazes para manter um relacionamento amoroso e sexual; (4 pessoas com deficiência não conseguem usufruir o sexo normal e têm disfunções sexuais relacionadas ao desejo, à excitação e ao orgasmo; (5 a reprodução para pessoas com deficiência é sempre problemática porque são pessoas estéreis, geram filhos com deficiência ou não têm condições de cuidar deles. A crença nesses mitos revela um modo preconceituoso de compreender a sexualidade de pessoas com deficiência como sendo desviante a partir de padrões definidores de normalidade e isso se torna um obstáculo para a vida afetiva e sexual plena daqueles que são estigmatizados pela deficiência. Esclarecer esses mitos é um modo de superar a discriminação social e sexual que prejudica os ideais de uma sociedade inclusiva.This article discusses the presence of prejudice regarding the sexuality of people with disabilities. The issues that are described in a critical and reflective manner include various myths, such as: (1 people with disabilities are asexual: they have no feelings, thoughts and sexual needs, (2 people with disabilities have hightened sexuality: their desires are uncontrollable and exacerbated, (3 people with disabilities are unattractive, undesirable and unable to love and have sexual relationship, (4 people with disabilities are unable to enjoy normal sex and have sexual dysfunctions related to desire, excitement and orgasm, (5 reproduction for people with disabilities is always problematic because they are infertile

  10. Validação prospectiva do escore de risco dante pazzanese em síndrome coronariana aguda sem supradesnivelamento do segmento ST

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elizabete Silva dos Santos

    2013-09-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Em Síndrome Coronariana Aguda (SCA sem Supradesnivelamento do segmento ST (SST é importante estimar a probabilidade de eventos adversos. Para esse fim, as diretrizes recomendam modelos de estratificação de risco. O escore de risco Dante Pazzanese (escore DANTE é um modelo simples de estratificação de risco, composto das variáveis: aumento da idade (0 a 9 pontos; antecedente de diabete melito (2 pontos ou acidente vascular encefálico (4 pontos; não uso de inibidor da enzima conversora da angiotensina (1 ponto; elevação da creatinina (0 a 10 pontos; combinação de elevação da troponina e depressão do segmento ST (0 a 4 pontos. OBJETIVO: Validar o escore DANTE em pacientes com SCA sem SST. MÉTODOS: Estudo prospectivo, observacional, com inclusão de 457 pacientes, de setembro de 2009 a outubro de 2010. Os pacientes foram agrupados em: muito baixo, baixo, intermediário e alto risco de acordo com a pontuação do modelo original. A habilidade preditiva do escore foi avaliada pela estatística-C. RESULTADOS: Foram 291 (63,7% homens e a média da idade 62,1 anos (11,04. Dezessete pacientes (3,7% apresentaram o evento de morte ou (reinfarto em 30 dias. Ocorreu aumento progressivo na proporção do evento, com aumento da pontuação: muito baixo risco = 0,0%; baixo risco = 3,9%; risco intermediário = 10,9%; alto risco = 60,0%; p < 0,0001. A estatística-C foi de 0,87 (IC 95% 0,81-0,94; p < 0,0001. CONCLUSÃO: O escore DANTE apresentou excelente habilidade preditiva para ocorrência dos eventos específicos e pode ser incorporado na avaliação prognóstica de pacientes com SCA sem SST.

  11. Fatores de risco para retinopatia diabética Risk factors for diabetic retinopathy

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Cristina Boelter

    2003-01-01

    Full Text Available A retinopatia diabética (RD é uma complicação crônica do diabete melito (DM que, após 20 anos de duração de diabete melito, ocorre em 99% dos pacientes com diabete melito tipo 1 e em 60% dos pacientes com diabete melito tipo 2, sendo a principal causa de cegueira em adultos. Níveis de glicose e pressão arterial elevados, junto com longo tempo de duração do DM, são os principais fatores de risco. Os fatores de risco para retinopatia diabética podem ser classificados como genéticos e não genéticos, onde estão incluídos aqueles relacionados ou não ao diabete melito, ambientais e oculares. O controle dos fatores de risco conhecidos e o tratamento adequado são a principal base do manejo da retinopatia diabética. O objetivo desta revisão é fornecer ao oftalmologista uma informação atualizada destes fatores, com ênfase no aspecto preventivo de perdas visuais no paciente com diabete melito.Diabetic retinopathy (DR is a chronic complication of diabetes mellitus (DM. After 20 years of diabetes duration Diabetic retinopathy, occurs in 90% of the type 1 diabetes mellitus patients and in 60% of the type 2 diabetes mellitus patients, being the main cause of blindness in adults. High glicemia and blood pressure levels, along with the long diabetes mellitus duration, are the main risk factors for diabetes mellitus Diabetic retinopathy. Other factors can also be associated with the loss of vision that occurs in diabetes mellitus. The risk factors can be classified as genetical or non-genetical, the latter including factors related or not to diabetes mellitus, environmental and ocular. Control of the known risk factors and effective treatment are the main basis of the Diabetic retinopathy management. The aim of this review is to provide to the ophthalmologist an up to date information of these factors, with emphasis in the preventive aspects of the visual loss in the patients with diabetes mellitus.

  12. Mulheres com Aids: desvendando histórias de risco Women with AIDS: disclosing risk stories

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leticia Legay Vermelho

    1999-04-01

    Full Text Available Esta pesquisa procurou conhecer o perfil social e cultural relacionado a risco de infecção pelo HIV em mulheres, descrevendo algumas variáveis epidemiológicas e revelando relatos de risco, o significado de sua vivência com AIDS e assistência recebida. Através de um questionário semi-estruturado, entrevistou-se 25 mulheres internadas no Hospital Universitário da UFRJ, no período anterior à disponibilização das drogas combinadas. A maioria referiu baixa escolaridade, ocupações de baixa qualificação ou eram donas de casa, sendo sua renda familiar, em alguns casos, pior que a média dos usuários deste hospital. A representação predominante sobre risco associava a Aids a uma "doença do outro" e DSTs eram percebidas como infecções masculinas, embora várias relatassem episódios destas, anteriormente ao HIV. Elas tiveram seu diagnóstico/tratamento só após o adoecimento ou morte do companheiro e ou filho. O estudo sugere estratégias preventivas que, prioritariamente, reforçam o poder de negociação sexual destas mulheres silenciosas e atuam sobre os homens, como participantes potencialmente ativos nos programas de saúde reprodutiva, os quais incorporam a questão DST/AIDS.This study approaches the social and cultural profile concerning risk for HIV infection in women, describing some epidemiological variables and disclosing reports of risk situations, the meaning of living with AIDS, and support received. A semi-structured questionnaire was used to interview 25 women from the University Hospital of the Federal University of Rio de Janeiro, prior to the availability of multi-drug treatment. The majority reported limited schooling, were housewives or engaged in under-skilled occupations, and had family incomes lower than average for users of this public teaching hospital. The view of AIDS as "someone else's disease" was prevalent, and STDs were perceived as male infections, although several women reported episodes of STDs

  13. Risco cardiovascular, efetividade e mortalidade Cardiovascular risk, effectiveness and mortality Riesgo cardiovascular, efectividad y mortalidad

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juan Gérvas

    2012-02-01

    Full Text Available

    A Lei de Ferro da Epidemiologia (Ley de Hierro de La Epidemiología diz que todos que nascem, morrem. Por isso, o propósito da Medicina não é evitar a morte por si só, mas evitar as mortes, as doenças e o sofrimento que podem ser medicamente evitáveis.

    No final, todos nossos pacientes morrerão – e nós também, obviamente, morreremos. “Os corpos encontram uma forma de morrer”, e se a causa não for por fome ou desidratação, por motivo congênito e infeccioso, por lesões, câncer ou suicídio, temos que esperar que seja por ‘motivo cardiovascular’, doença pulmonar, insuficiência renal ou hepática, demência ou outras doenças degenerativas. Mas temos que morrer por alguma coisa.

    Morrer por causa cardiovascular não é desonroso, nem refere-se à atenção clínica imperfeita. O fato de a primeira causa de morte ser a cardiovascular não tem nenhuma relação com os cuidados clínicos e nem deveria assustar.

    Entretanto, muitas das mortes por motivo cardiovascular poderiam ser evitadas. Assim, poder-se-ia evitar mortalidade cardiovascular, diminuindo a desigualdade social, por exemplo, com melhor redistribuição da riqueza, melhor educação etc. Os médicos sabem que os fatores adversos psicossociais associados ao fato de pertencer à classe baixa correspondem a 35% do risco atribuído à hipertensão na incidência do infarto do miocárdio (em outra hipótese, pertencer à classe baixa duplica 2,7 tal risco1.

    Também deve-se saber que, contra as mortes cardiovasculares, não há nada como as políticas de saúde pública quanto ao tabagismo (restrições dos lugares onde fumar, aumento do preço do tabaco, campanhas de informação, entre outras.

    Na parte clínica, as mortes cardiovasculares evitáveis devem ser vistas em perspectiva, de acordo com o que seja possível conseguir2. Portanto, por 100.000 habitantes ao ano, o tratamento com inibidores da enzima conversora de angiotensina (IECA

  14. Portfolio de produção agropecuária e gestão de riscos de mercado nas cooperativas do agronegócio paranaense

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vilmar Rodrigues Moreira

    2011-12-01

    Full Text Available Neste artigo, apresentam-se uma avaliação da prática da gestão dos riscos de mercado pelas cooperativas do Paraná (Brasil e um estudo do portfolio de produção agropecuária desse estado considerando a relação retorno-risco. Usando a análise E-V do modelo de Markowitz, foi definida uma fronteira de eficiência em que foi possível verificar quais seriam as mudanças necessárias no portfolio visando à eficiência econômica (definida aqui como o trade-off entre retorno e risco. Por meio de questionários e entrevistas, foi avaliada a disposição das cooperativas em incentivar tais mudanças em seus portfolios e na produção de seus cooperados. Também foi possível avaliar qual o grau de importância atribuído a fontes de risco de mercado e qual o grau de relevância de um conjunto de estratégias passíveis de serem adotadas para lidar com esses riscos. O objetivo geral foi avaliar quais seriam as possíveis influências que as cooperativas poderiam exercer nas alterações das preferências de produção visando à melhoria da relação retorno-risco. Verificou-se que os principais motivos que influenciam as decisões sobre produção estão relacionados a aspectos econômicos e racionais, como foco estratégico da cooperativa e resistências dos cooperados. Os motivos relacionados a aspectos políticos ou sociais, inerentes às características organizacionais das cooperativas, não exercem influência significativa nas decisões sobre diversificação como instrumento para a gestão dos riscos de mercado no contexto paranaense.

  15. Risco de fadiga prematura, percepção subjetiva de esforço e estratégia de prova durante uma corrida de 10 km

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Everton Crivoi do CARMO

    2015-06-01

    Full Text Available O objetivo do estudo foi verificar as modificações na estratégia de prova frente às alterações do risco de fadiga prematura e da percepção subjetiva de esforço (PSE em corredores durante uma corrida de 10 km. Participaram do estudo 55 corredores com tempo nos 10 km de 41:39 ± 3:52 min:s. A estratégia de prova e a PSE foram avaliadas a cada quilômetro. O risco de fadiga prematura foi determinado pelo produto entre a PSE e a distância restante de prova e a estratégia de prova foi determinada pela curva da velocidade e distância. A ANOVA de um caminho para medidas repetidas foi utilizada para determinar as diferenças na velocidade, PSE e risco de fadiga a cada quilômetro e entre a velocidade a cada quilômetro e a velocidade média da prova. O coeficiente de correlação de Pearson foi calculado entre a PSE e o risco de fadiga prematura com a velocidade. A velocidade do primeiro quilômetro foi 8,1% maior do que a média (p ≤ 0,001. A velocidade diminuiu gradualmente ao longo da prova, ocorrendo um novo aumento no décimo quilômetro. A PSE aumentou linearmente ao longo da prova e o risco de fadiga diminuiu significantemente após o terceiro quilômetro. Houve forte correlação negativa entre a PSE e a velocidade desenvolvida durante a prova (r = -0,80; p = 0,006. Foi observada uma correlação moderada negativa entre o risco de fadiga prematura e a velocidade (r = -0,57; p = 0,04. Com isso, os achados do presente estudo sugerem que a PSE parece ter importante papel sobre os ajustes da velocidade ao longo da prova, sendo que o aumento da velocidade observado no último quilômetro pode estar associado ao baixo risco de fadiga prematura.

  16. O GEÓGRAFO COMO TÉCNICO FUNDAMENTAL NO PROCESSO DE GESTÃO DOS RISCOS NATURAIS - DOI 10.5216/gng.v32i1.18953

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    António de Sousa Pedrosa

    2012-06-01

    Full Text Available A coexistência do meio físico com a ação humana pressupõe a existência de uma relação dinâmica. O meio físico preexistente possui a sua própria dinâmica natural. Contudo, os processos naturais só constituem risco na presença do Homem. Da interação das atividades humanas com o meio físico decorrem dois tipos de relações: - o Homem como agente ativo que atua sobre o meio (agente passivo; deste tipo de relação resulta o impacto ambiental; - o meio como agente ativo que influencia as atividades humanas. Daqui se depreende que o risco depende da probabilidade de ocorrência de um processo natural e da vulnerabilidade da sociedade, ou seja, o risco mede os efeitos desse fenômeno sobre as populações e os seus bens. O modelo de gestão dos riscos naturais proposto contempla um conjunto de cinco fases sequenciais e interrelacionadas entre si: o processo de diagnóstico e avaliação do risco; a etapa preventiva em que se procuram implementar medidas de mitigação ativas e passivas de risco; a fase de gestão da situação de crise e da pós-crise imediata e, por último, a reconstrução e planejamento preventivo.

  17. Tabagismo como fator de risco para a doença renal crônica: revisão sistemática

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ubiracé Fernando Elihimas Júnior

    2014-12-01

    Full Text Available Introdução: A doença renal crônica (DRC e o tabagismo são problemas de saúde pública. Objetivo: Analisar o tabagismo como fator risco para a progressão da DRC. Métodos: Realizou-se uma revisão sistemática nas bases Medline, LILACS, SciELO, Google Acadêmico, Trials.gov e Embase com artigos publicados até fevereiro de 2013. Incluíram-se estudos: tipo coorte, ensaios clínicos e caso-controle. Realizados em seres humanos com idade ≥ 18 anos tendo tabagismo como fator de risco para progressão da DRC. Excluíram-se estudos que não referiam tabagismo e DRC no título ou tinham proposta de combate ao fumo. Resultados: Das 94 citações, 12 artigos foram selecionados. Destes, seis eram multicêntricos realizados em países desenvolvidos e quatro foram aleatorizados. Predominou o sexo masculino 51%-76%. Houve progressão associada ao tabagismo em 11 estudos. Identificou-se que o consumo ≥ 15 maços/ ano aumenta o risco de progressão da DRC. Conclusão: Tabagismo é fator de risco para progressão da DRC.

  18. Fatores de risco e medidas de prevenção do câncer de próstata: subsídios para a enfermagem

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriane Pinto de Medeiros

    2011-04-01

    Full Text Available Apresenta-se um artigo de reflexão sobre fatores de risco e medidas de prevenção do câncer de próstata, visando contribuir para a abordagem de homens, especialmente durante a consulta de enfermagem. Idade avançada, origem étnica e hereditariedade são fatores de risco potenciais. Dieta pobre em gorduras, rica em frutas, verduras, legumes, grãos e outros é citada como minimizadora. A finasterida, droga inibidora da 5 alpha-redutase tem sido estudada como redutor de risco. O rastreamento da doença pela dosagem do Antígeno Prostático Específico (PSA e toque retal é também medida recomendada. Entretanto, maiores evidências científicas ainda estão sendo buscadas sobre esses fatores. A abordagem dos homens na consulta de enfermagem pode contribuir para a identificação de fatores de risco, sinais e sintomas de possíveis alterações.

  19. Sounding pollution and the refinery environmental risks; A poluicao sonora e os riscos ambientais das refinarias

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    NONE

    2005-07-01

    This chapter gives a general overview on the effects of the sound pollution, the principal pollutants emitted by the oil refineries, control actions for the sound waves emissions, the minimization actions, the risk concepts and evaluation, the risk perception and the accidents in refineries.

  20. Ações primárias em saúde cardiovascular: avaliação de indicadores de risco em escolares

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Thelma Leite de Araujo

    2009-06-01

    Full Text Available Estudos sobre indicadores de risco cardiovasculares são importantes em escolares. O objetivo do estudo foi associaros valores da pressão arterial sistólica (PAS e da pressão arterial diastólica (PAD com os dados antropométricosíndice de massa corporal (IMC, relação cintura-quadril (RCQ, pregas cutâneas tricipital e subescapular,sedentarismo, etilismo, tabagismo e história familiar de alterações cardiovasculares nos escolares que mantiveramvalores da pressão arterial acima do percentil 90 em três avaliações da saúde cardiovascular. Estudo de coorte,realizado em uma escola pública de Fortaleza, no período de 2004 a 2006. Foram avaliados os indicadores de risco e apressão arterial de 480 escolares. Os escolares que apresentaram, na primeira avaliação, valores iniciais da pressãoarterial acima do percentil 90 foram acompanhados em mais duas avaliações, com vistas a se confirmar alterações dapressão arterial. A amostra foi composta por 85 escolares. Nas crianças os valores da PAS estiveram correlacionadoscom a idade e a altura. Já a PAD esteve correlacionada com o perímetro do quadril, peso e altura. Nos adolescentes,os valores da PAS e da PAD estiveram correlacionados com a altura. Reforça-se a importância de estudos que avalieme acompanhem os indicadores de risco e a pressão arterial de escolares.

  1. Investigação de genes candidatos para psicoses funcionais: estudo caso-controle com mães e crianças (população de alto risco)

    OpenAIRE

    Renata Krelling

    2007-01-01

    Os estudos de alto risco com descendentes de indivíduos portadores de psicoses fornecem uma oportunidade para estudar possíveis características fenotípicas e genéticas que podem estar envolvidas no desenvolvimento destes transtornos. Até o momento as pesquisas sobre a influência da vulnerabilidade genética e o ambiente sobre o comportamento das crianças de risco são escassos e inconclusivos. Objetivo: Revisão dos principais estudos genético-epidemiolólogicos e dos principais achados dos estud...

  2. Organismos geneticamente modificados : as noções de risco na visão de empresas processadoras, organizações não governamentais e consumidores

    OpenAIRE

    Biancca Scarpeline de Castro

    2012-01-01

    Resumo: A introdução e difusão dos organismos geneticamente modificados no Brasil geraram inúmeras disputas políticas, jurídicas, científicas e econômicas, que são enfrentadas como conflitos sobre riscos. Seguindo as pistas dessas contendas, esta tese analisa as distintas noções de riscos associados à utilização desses organismos para as empresas processadoras de grãos, as organizações não governamentais e consumidores, entrevistados em sete cidades do país. Procurou-se compreender as caracte...

  3. Riscos biomecânicos posturais em trabalhadores de uma serraria Biomechanical risks in sawmill worker postures

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    André Gustavo Soares de Oliveira

    2009-03-01

    Full Text Available Os trabalhadores em serrarias estão sujeitos a riscos biomecânicos advindos das posturas adotadas durante suas atividades laborais. Este trabalho visou avaliar as posturas adotadas por esses trabalhadores por meio do método de avaliação rápida do corpo inteiro (REBA, rapid entire body assessment, buscando detectar e classificar os riscos biomecânicos. Participaram 15 trabalhadores do setor de produção de uma serraria em João Pessoa, PB, do sexo masculino, com idade média de 44±10,9, avaliando-se quatro posturas: flexão anterior do tronco com levantamento de carga, agachamento profundo, flexão ântero-lateral do tronco e corpo estendido para mover uma prensa. Sintomas musculoesqueléticos foram identificados no mapa corporal de Corlett. Um questionário semi-estruturado levantou os dados demográficos, ambientais e as funções executadas. Pelo REBA, a flexão anterior de tronco apresentou nível de risco muito alto e as posturas de agachamento profundo, flexão ântero-lateral do tronco e movimento do corpo em extensão, nível de risco alto. Uma alta proporção (73,3% deles queixaram-se de dor ou desconforto na coluna e 26,8% na região dos ombros. Considerando os níveis de riscos apresentados, requerem-se intervenções ergonômicas preventivas no posto de trabalho para adoção de posturas que melhor propiciem a execução das atividades com menor risco à saúde do trabalhador.Workers in sawmills are exposed to biomechanical risks due to the postures adopted during their activities. The purpose here was to assess postures adopted by these workers by using the rapid entire body assessment (REBA, in order to detect and classify possible biomechanical risks. Fifteen male workers from the production section of a sawmill in João Pessoa, PB (mean age 44±10.9 years old were assessed as to the postures adopted at work. A semi-structured questionnaire collected demographic and environmental data as well as functions in the workplace

  4. Hipercolesterolemia em escolares e seus fatores de risco Hypercholesterolemia and its risk factors among schoolchildren

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cleunice Luzia Smania Coronelli

    2003-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Identificar os fatores de risco da hipercolesterolemia em escolares de sete a dez anos de idade. MÉTODOS: Estudo caso-controle, desenvolvido com 172 escolares do Município de Campinas, SP, pareados conforme sexo e trimestre de idade. Considerou-se caso a hipercolesterolemia, diagnosticada quando a criança apresentava colesterol ³200 mg/dL, e controle quando a criança apresentava colesterol entre 140 e 170 mg/dL. Além da coleta de sangue para a dosagem do nível de colesterol, foram levantados dados sobre pressão arterial, índice de massa corporal e história familiar de doenças cardiovasculares. Os dados foram analisados por correlação bivariada usando o teste t para as variáveis quantitativas e o qui-quadrado para a história familiar de doenças cardiovasculares. O odds-ratio foi usado para estimar o risco de hipercolesterolemia. RESULTADOS: A média do colesterol encontrada foi de 215 mg/dL nos casos e de 154 mg/dL nos controles. A média da pressão arterial sistólica foi de 107 mmHg nos casos e de 106 mmHg nos controles e da diastólica foi de 67 mmHg nos casos e 68 mmHg nos controles. O índice de massa corporal (Kg/m² apresentou média de 18,2 nos casos e de 17,1 nos controles. A análise bivariada mostrou associação entre hipercolesterolemia e índice de massa corporal (p=0,048. O odds ratio apontou a obesidade como fator de risco para a hipercolesterolemia (OR=2,17; IC=1,05 a 4,45. CONCLUSÕES: Os resultados apontaram a obesidade como fator de risco da hipercolesterolemia.OBJECTIVE: To identify the risk factors of hypercholesterolemia among schoolchildren aged 7 to 10 years, Brazil. METHODS: A case-control study was conducted among 172 children matched by sex and age ±3 months in Campinas, Brazil. Cases were defined as hypercholesterolemia when cholesterol ³200 mg/dL and controls when cholesterol 140 and 170 mg/dL. Besides drawing a blood sample for cholesterol, blood pressure, body mass index and family

  5. Avaliação de risco e plasticidade comportamental limitada em girinos de Rhinella ornata (Anura, Bufonidae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renan N. Costa

    2014-06-01

    Full Text Available Os girinos de anuros são elementos importantes das redes tróficas de ambientes aquáticos, sendo recurso alimentar de diversos tipos de predadores. Desta maneira, os girinos apresentam uma grande variedade de mecanismos de defesa que podem ser morfológicos, comportamentais e/ou fisiológicos. A impalatabilidade, produzida pelo acúmulo de substâncias tóxicas na pele, é um mecanismo comum em muitas linhagens de anfíbios. No entanto, alguns predadores não são afetados por estas substâncias tóxicas, o que pode favorecer o desenvolvimento de mecanismos alternativos de defesa contra predação. Neste contexto, nosso objetivo foi avaliar se girinos impalatáveis de Rhinella ornata (Spix, 1824, podem apresentar mecanismos comportamentais de defesa contra predação na presença de predadores que não são afetados pelas substâncias tóxicas em sua pele. Para testar nossa hipótese, utilizamos dois tipos de predadores aquáticos: um heteróptero aquático do gênero Belostoma e uma larva de libélula do gênero Aeshna. Os girinos foram colocados em aquários com pistas visuais e químicas dos predadores (experimento de risco direto, somente pistas químicas (experimento de risco indireto e ausência completa de sinais de predadores (controle. Em ambos os casos, o comportamento de natação foi observado durante 5 minutos. Durante os experimentos não houve alteração no comportamento de natação dos girinos.

  6. Riscos e estratégias de sobrevivência: flanelas e malabaristas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliano Batista dos Santos

    2016-12-01

    Full Text Available O presente texto é o resultado de estudos sobre os riscos e estratégias de sobrevivência desenvolvidas por flanelinhas e malabaristas no município de Cuiabá em Mato Grosso que, por antropomorfização, transformam, mesmo que por um breve período, os não-lugares em lugares de trabalho informal, cujas performances operam, diariamente, como contrafluxo aos projetos modernistas (sociais e urbanos, propostos como solução à humanização de todos os sujeitos. O problema é que nem todos os indivíduos são absorvidos por tais projetos; consequentemente, os exclusos, a todo momento, contrariando a ideia durkheimiana de consciência coletiva, procuram, cada um à sua maneira, garantir seus compromissos financeiros através do perigoso jogo de colocar em risco a própria vida. Para compreender tais ações, as mesmas foram vivenciadas e refletidas no contexto das relações entre informalidade, cidade, cotidiano e consumo, já que, no dia a dia, a prática das artes de fazer, como astúcias eficazes à superação das dificuldades econômicas, revelam que, a cada novo dia, em meio às múltiplas maneiras de pressionar dinheiro, há, às margens da sociedade, grupos neotribalistas de indivíduos que, apesar de sufocados pelo inevitável ciclo do trabalho-dinheiro-consumo, buscam superar o estigma goffmaniano de exclusão social, sem, contudo, infringirem regras morais e/ou legais, mas obrigatoriamente ressignificando os espaços topológicos e tópicos da cidade a partir de representações que, quando adaptadas às fachadas sociais disponíveis, são muitas vezes julgadas como inadequadas às normas vigentes, fato que, na perspectiva pós-moderna, opera como contestação do conceito de dualidade própria das sociedades binárias, possível somente de serem realizadas no cotidiano, ou seja, naquilo que é aparentemente inútil ou insignificante aos arquétipos da razão instrumental. Dito de outro modo: o presente texto revela as maneiras como

  7. Prevalência de Fatores de Risco Cardiovascular em Pacientes em Hemodiálise - O Estudo CORDIAL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jayme Eduardo Burmeister

    2014-06-01

    Full Text Available Fundamentos: Há uma carência de dados epidemiológicos sobre o perfil de risco cardiovascular nos pacientes renais crônicos em hemodiálise no Brasil. Objetivo: O estudo CORDIAL foi planejado para avaliar fatores de risco cardiovascular e acompanhar a evolução de uma população em programa de hemodiálise numa cidade metropolitana do Brasil. Métodos: Todos os pacientes em hemodiálise por doença renal crônica nos quinze centros de nefrologia de Porto Alegre foram considerados para inclusão na fase inicial do estudo CORDIAL. Dados clínicos, laboratoriais e demográficos foram obtidos nos registros médicos, e em entrevistas individuais estruturadas realizadas com todos os pacientes por pesquisadores treinados. Resultados: Foram incluídos 1215 pacientes (97,3% de todos os que estavam em hemodiálise na cidade de Porto Alegre. A média de idade era 58,3 anos, 59,5% eram homens e 62,8% eram brancos. A prevalência de fatores de risco cardiovascular encontrada foi 87,5% para hipertensão, 84,7% para dislipidemia, 73,1% para sedentarismo, 53,7% para tabagismo e 35,8% para diabetes. Em uma análise multivariada ajustada, sedentarismo (p = 0,032; RP 1,08 - IC95%: 1,01-1,15, dislipidemia (p = 0,019; RP 1,08 - IC95%: 1,01-1,14, e obesidade (p < 0,001; RP 1,96 - IC95%: 1,45-2,63 foram mais frequentes em mulheres; e hipertensão (p = 0,018; PR 1,06 - IC95%: 1,01-1,11 e tabagismo (p = 0,006; RP 2,7 - IC95%: 1,79-4,17 foram mais frequentes naqueles com menos de 65 anos. Sedentarismo apresentou uma associação independente com tempo em diálise inferior a 12 meses (p < 0,001; RP 1,23 - IC95%: 1,14-1,33. Conclusão: Pacientes em hemodiálise nesta metrópole do sul do Brasil apresentaram uma prevalência elevada de fatores de risco cardiovascular similar a diversos países do hemisfério norte.

  8. A problematização da queda e a identificação dos fatores de risco na narrativa de idosos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patricia Morsch

    Full Text Available Resumo A queda é um importante evento para os idosos, podendo levar a problemas físicos e psicológicos, institucionalização e aumento do risco de morte. Objetivo deste estudo foi investigar a problematização da queda e a percepção dos idosos em relação aos seus fatores de risco. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, realizada através de análise de conteúdo. A amostra foi composta por indivíduos com 60 anos ou mais de idade, participantes de grupos de idosos de Porto Alegre, e professores de duas universidades locais. A amostra final contou com 22 idosos com idade média de 70,2 ± 7,1 anos. A codificação e a interpretação dos dados resultaram em duas categorias temáticas: a problematização das quedas e a percepção dos fatores de risco. A primeira categoria destaca que muitos idosos não percebem as quedas como um problema, sugerindo que as ações preventivas podem não estar alcançando a população alvo. A segunda categoria demonstra que os idosos percebem os fatores de risco para quedas, mas muitas vezes eles não são evitados, considerando a sua habilidade de “se cuidar” como método de prevenção.

  9. Fatores de risco para prematuridade: pesquisa documental Factores de riesgo para prematuridade: documento de búsqueda Risk factors for prematurity: document search

    OpenAIRE

    Helena Ângela de Camargo Ramos; Roberto Kenji Nakamura Cuman

    2009-01-01

    Objetivou-se identificar o perfil de mães e de prematuros nascidos vivos e caracterizar os recém-nascidos prematuros em situação de risco para o crescimento e desenvolvimento. Estudo epidemiológico de corte transversal realizado em Guarapuava, PR. Os dados foram obtidos a partir do sistema de informações sobre nascidos vivos (SINASC) com base nas declarações de nascidos vivos. A análise estatística foi realizada em uma amostra composta por 106 declarações de nascidos vivos prematuros, de jane...

  10. Transtorno de déficit de atenção/hiperatividade, comorbidades e situações de risco

    OpenAIRE

    Marcelo C. Reinhardt; Reinhardt,Caciane A.U.

    2013-01-01

    OBJETIVO: O transtorno de déficit de atenção/hiperatividade (TDAH) apresenta alta prevalência, e seus sintomas apresentam-se frequentemente como um problema de saúde pública considerável. Assim, o objetivo desta revisão é verificar estas situações de urgência provocadas por determinadas comorbidades, ou por expor o paciente a um maior risco de acidentes. FONTE DOS DADOS: Foi realizada uma pesquisa bibliográfica na base de dados PubMed entre os anos de 1992 e 2012, utilizando os descritores "a...

  11. Carcinoma do Endométrio e seus Precursores: Factores de Risco e Valor da Aspiração Biópsia Fraccionada

    OpenAIRE

    Anjos, F; CAMPOS, A.; Roriz, ML; Ferreira, N

    1990-01-01

    Os autores realizaram um estudo retrospectivo em 586 ABF efectuadas no período de um ano no serviço de ginecologia da MAC, com o objectivo de investigar o valor da aspiração biópsia fraccionada no diagnóstico precoce do carcinoma do endométrio e seus precursores e identificar os grupos de maior risco para este tipo de patologia. Foram encontrados 14 casos de adenocarcinoma e 7 hiperplasias. Contudo 2 casos adicionais de carcinoma foram diagnosticados através de outras técnicas. A presença de ...

  12. Prevalência e fatores de risco para brucelose suína em Mossoró-RN

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alexandro I. Leite

    2014-06-01

    Full Text Available A presente pesquisa teve como objetivo determinar a prevalência da brucelose e seus fatores de risco no rebanho suíno de Mossoró/RN. Compreendeu um estudo epidemiológico transversal e de abordagem quantitativa, no qual foram coletadas 412 amostras sanguíneas de suínos provenientes dos principais produtores do município e realizada inspeção das criações com entrevistas aos produtores. Anticorpos anti-Brucella spp. foram detectados pelo teste do antígeno acidificado tamponado (AAT e confirmados pela reação de fixação de complemento (RFC. A prevalência da brucelose nos suínos foi de 27,0% no teste de AAT e 17,5% na RFC. Em 55% das propriedades pesquisadas havia pelo menos um animal positivo, e a prevalência nestas variou de 6,7% a 80,0%. Os fatores de risco que estavam influenciando a ocorrência da doença foram: a presença de ratos nas criações, o contato com bovinos e a faixa etária jovem dos animais. Os resultados do estudo permitiram concluir que o agente etiológico da brucelose estava circulando em suínos do município de Mossoró-RN, com elevada prevalência no rebanho e nas propriedades, evidenciando o risco de transmissão desta zoonose para o homem.

  13. Padrões de industrialização, riscos e meio ambiente Patterns of industrialization risks and environment

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tânia Franco

    1998-01-01

    Full Text Available Este artigo aborda a questão dos riscos industriais e de seus impactos sobre a saúde e o meio ambiente, buscando fazer uma retrospectiva histórica acerca da formação dos atuais padrões de trabalho, produção e consumo nas sociedades ocidentais contemporâneas. Neste percurso, salienta desafios e dilemas emergentes nas últimas décadas com os avanços da globalização da economia, da reestruturação produtiva e das formas de gestão do trabalho viabilizadas pela adoção de políticas neoliberais. Focaliza a historicidade da relação entre riscos industriais e meio ambiente e apresenta resultados de pesquisa que dizem respeito à mobilidade dos riscos e acidentes industriais no espaço socioeconômico-ambiental da Região Metropolitana de Salvador, resgatando aspectos concernentes às formas de gestão industrial e de organização do trabalho, com destaque para a terceirização.This article deals with industrial risks and its effects on health and environment, in a retrospective historical analysis of the creation of present patterns of work, production and consumption in contemporary western societies. Challenges and emerging dilemas from the few past decades are highligted and discussed by the authors in terms of economic globalization, productive restructuring and work management strategies conducted by neoliberal policies. The article focus on the relationship between industrial risks and environment and present research data on morbidity and risks related to industrial accidents in the social-economical-environmental space of the Metropolitan area of Salvador, Bahia, Brazil. In doing so, concerns on industrial management and labour organization are highligted.

  14. Riscos psicossociais e incapacidade do servidor público: um estudo de caso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alessandra da Cruz Serafim

    Full Text Available Os fatores de risco psicossociais do trabalho (FRPT, como o estresse, as pressões patogênicas da carga de trabalho, as dificuldades nas relações socioprofissionais e as condições e a organização inadequadas do trabalho podem ser consideradas variáveis que interferem na saúde mental e física do trabalhador. A prevenção desses aspectos deve ocorrer por meio da sensibilização, conscientização, motivação e ação organizada dos atores sociais da empresa ou do órgão. Os servidores públicos estaduais de Santa Catarina estão submetidos aos FRPT, e há relações entre estes e o adoecimento relacionado ao trabalho. Este artigo parte de um estudo de caso, por meio de análise documental relativa à perícia psicológica para a caracterização de acidente em serviço/doença referente ao trabalho no ano 2008. O estudo de caso demonstrou que a exposição da servidora ao longo de sua vida laborativa aos FRPT - sobrecarga cognitiva e psíquica, ritmo intenso, longas jornadas e precárias condições de trabalho - foram os fatores que desempenharam papel preponderante na ocorrência da incapacitação para o trabalho. Concluiu-se que os FRPT devem ser considerados nas avaliações dos casos de adoecimento e incapacidade profissional, bem como na implementação dos dispositivos legais catarinenses que se referem à promoção da saúde ocupacional dos servidores dos órgãos do Poder Executivo estadual.

  15. Aflatoxinas e ocratoxina A em alimentos e riscos para a saúde humana

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eloisa Dutra Caldas

    2002-06-01

    Full Text Available OBJETIVOS: A presença de micotoxinas em alimentos tem sido correlacionada a várias patologias humanas, e as autoridades de saúde no mundo todo têm implementado ações para diminuir a ingestão desses compostos pela dieta. Realizou-se pesquisa para analisar os níveis de aflatoxinas e ocratoxina A de alimentos para consumo e avaliar o potencial de risco da exposição humana a essas micotoxinas. MÉTODOS: Foram analisadas 366 amostras de alimentos consumidos no Distrito Federal, no período de julho de 1998 a dezembro de 2001, como amendoim e derivados, castanhas, milho, produtos de trigo e/ou aveia, arroz e feijão. As amostras foram processadas, e as micotoxinas extraídas, detectadas e quantificadas por fluorescência após separação em cromatografia camada delgada. RESULTADOS: Foram detectadas aflatoxinas em 19,6% das amostras, em amendoim cru e derivados, milho de pipoca, milho em grão e castanha-do-pará (>2 mig/kg. Amendoim e derivados apresentaram maior incidência de contaminação por aflatoxinas (34,7% com amostras contendo até 1.280 mig/kg de AFB1+AFG1 e 1.706 mig/kg de aflatoxinas totais. Das amostras positivas, AFB1 estava presente em 98,5%, AFB2 em 93%, AFG1 em 66,7% e AFG2 em 65,4%. A ocratoxina A não foi detectada (<25 mig/kg em nenhuma amostra analisada. CONCLUSÃO: Os níveis de contaminação encontrados em amendoim e derivados ultrapassaram os níveis máximos permitidos pela legislação brasileira, podendo significar fator de risco para a população que os consome regularmente. A conscientização dos produtores de alimentos e as ações de vigilância sanitária permanentes são essenciais para diminuir a exposição humana a esses compostos e prevenir doenças crônicas advindas dessa exposição.

  16. Aflatoxinas e ocratoxina A em alimentos e riscos para a saúde humana

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Caldas Eloisa Dutra

    2002-01-01

    Full Text Available OBJETIVOS: A presença de micotoxinas em alimentos tem sido correlacionada a várias patologias humanas, e as autoridades de saúde no mundo todo têm implementado ações para diminuir a ingestão desses compostos pela dieta. Realizou-se pesquisa para analisar os níveis de aflatoxinas e ocratoxina A de alimentos para consumo e avaliar o potencial de risco da exposição humana a essas micotoxinas. MÉTODOS: Foram analisadas 366 amostras de alimentos consumidos no Distrito Federal, no período de julho de 1998 a dezembro de 2001, como amendoim e derivados, castanhas, milho, produtos de trigo e/ou aveia, arroz e feijão. As amostras foram processadas, e as micotoxinas extraídas, detectadas e quantificadas por fluorescência após separação em cromatografia camada delgada. RESULTADOS: Foram detectadas aflatoxinas em 19,6% das amostras, em amendoim cru e derivados, milho de pipoca, milho em grão e castanha-do-pará (>2 mig/kg. Amendoim e derivados apresentaram maior incidência de contaminação por aflatoxinas (34,7% com amostras contendo até 1.280 mig/kg de AFB1+AFG1 e 1.706 mig/kg de aflatoxinas totais. Das amostras positivas, AFB1 estava presente em 98,5%, AFB2 em 93%, AFG1 em 66,7% e AFG2 em 65,4%. A ocratoxina A não foi detectada (<25 mig/kg em nenhuma amostra analisada. CONCLUSÃO: Os níveis de contaminação encontrados em amendoim e derivados ultrapassaram os níveis máximos permitidos pela legislação brasileira, podendo significar fator de risco para a população que os consome regularmente. A conscientização dos produtores de alimentos e as ações de vigilância sanitária permanentes são essenciais para diminuir a exposição humana a esses compostos e prevenir doenças crônicas advindas dessa exposição.

  17. Percursos acelerados de jovens condutores ilegais: o risco entre vida e morte, entre jogo e rito

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leila Sollberger Jeolás

    2010-12-01

    Full Text Available Com base em uma pesquisa de cunho etnográfico sobre "rachas" de carros e de motos, propomos questionar se a aceleração dos motores pode ser pensada como uma metáfora para a aceleração dos percursos fluidos, flexíveis e incertos desses jovens, próprios do contexto da "sobremodernidade". O objetivo é de compreender os significados atribuídos à experiência da velocidade e ao risco aí envolvido, a fim de analisar a relação entre condutas de risco juvenis e o papel dos ritos de passagem, conceito-chave na antropologia. Discutiremos o alcance e os limites de se compreender os "rachas", por um lado, como uma forma individualizada de ritualizar a passagem da infância à idade adulta e, por outro, como a expressão lúdica de uma forma de jogo-brinquedo. Como outras formas de culturas juvenis, os "rachas" podem ser compreendidos como linguagem de singularização e de pertencimento reforçada por valores e práticas de uma masculinidade hegemônica tradicional.This ethographic study about the "rachas" of motos and cars is grounded around the question, if and in how far the acceleration of motors could serve as a methaphor for the acceleration of fluid, flexible and undetermined par-courses of life in the context of "surmodern" societies. The objective is first to understand the significations given to the experiences of speed and of the risks implied, in order to analyse then the relationship between the youth's risk conduct and the rites of passage. We will discuss the potentialities and limits of comprehending the "rachas" on one side as an individualised form of a passage ritual and on the other side as a ludicrous expression of play and joy. Thus we could interpret the "rachas" like other varieties of youth culture as a language of singularisation and affiliation emphasized by practices of traditional hegemonic masculinity.

  18. Perigos e riscos na medicina laboratorial: identificação e avaliação Hazards and risks in laboratory medicine: identification and evaluation

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Valéria Aparecida Faria

    2011-06-01

    Full Text Available Os perigos no ambiente de trabalho estão relacionados com qualquer tipo de fonte potencialmente danosa, em termos de lesões, ferimentos ou danos para a saúde ou uma combinação desses fatores. Os riscos são consequências dos perigos existentes no laboratório. Os laboratórios clínicos apresentam múltiplos riscos ocupacionais aos trabalhadores, categorizados como riscos biológicos, físicos, químicos, ergonômicos e para ocorrência de acidentes. É importante o laboratório identificar os riscos, avaliar os impactos que podem afetar o negócio e estabelecer critérios de priorização para a tomada de decisões, implementando estratégias e ações preventivas, a fim de evitar a instalação de falhas ou danos potenciais. Este artigo propõe uma sistemática de identificação e avaliação dos perigos e riscos em saúde e segurança ocupacional no laboratório clínico e discute suas aplicações na prática operacional.Workplace hazards are related to any potentially harmful source in terms of lesions, injuries and health damage or a combination of these factors. The risks are consequences of laboratory hazards. Clinical laboratories pose multiple occupational hazards, which are categorized as biological, physical, chemical, ergonomic and accident prone. It is important to identify risks, assess the impacts that may affect the enterprise and establish prioritization criteria for making decisions. Furthermore, it is essential to implement strategies and preventive actions in order to avoid flaws or potential damage. Not only does this article propose a systematic identification and assessment of hazards, health risks and occupational safety within clinical laboratories, but it also discusses their applications in operational practice.

  19. Critical notes on microbiological risk assessment of food Avaliação de risco microbiológico em alimentos: avaliação crítica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Martine W. Reij

    2000-03-01

    Full Text Available Although numerous papers on Microbiological Risk Assessment (MRA of food products have been published, a number of issues related to it remain unresolved. This paper explains the role of Microbiological Risk Assessment in the context of Risk Analysis as outlined by Codex Alimentarius. It reviews some representative work in the area, with particular emphasis on the objectives, outputs and conclusions of the studies, and on how researchers propose using the resulting Risk Estimate for decision making. Several problems and sources of confusion concerning MRA are identified, such as terminology, the application of Risk Estimates to establish Food Safety Objectives and microbiological criteria for foods, lack of data, and the difference between Risk Assessment and the Hazard Analysis and Critical Control Point system (HACCP. In the context of Codex Alimentarius, MRA was developed as a tool for decision making and priority setting by government risk managers. However, elements of Risk Assessment can be used for other purposes. A transparent description of a Risk Assessment study is useful for Risk Communication. Industrial food safety managers can compare the effect of various hypothetical production scenarios using estimates of the level and the probability of a pathogen in the product at the time that it is consumed. This limited form of Risk Assessment could better be called Safety Assessment, and can be used as a tool for food product and process development.Embora inúmeros artigos já tenham sido publicados sobre Avaliação de Risco Microbiológico em alimentos, vários aspectos relacionados ao assunto continuam incompletos. O presente artigo explica o papel da Avaliação de Risco Microbiológico no contexto da Análise de Risco, segundo o Codex Alimentarius. Este trabalho revê alguns artigos representativos na área, com particular ênfase nos objetivos, resultados e conclusões dos estudos, e em como os pesquisadores usam os resultados do

  20. Pequenos para idade gestacional: fator de risco para mortalidade neonatal Small for gestational age

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Márcia Furquim de Almeida

    1998-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Estudar as variáveis contempladas na Declaração de Nascimento (DN como possíveis fatores de risco para nascimentos pequenos para a idade gestacional (PIG e o retardo de crescimento intra-uterino como fator de risco para a mortalidade neonatal. MATERIAL E MÉTODO: As variáveis existentes na DN foram obtidas diretamente de prontuários hospitalares. Os dados referem-se a uma coorte de nascimentos obtida por meio da vinculação das declarações de nascimento e óbito, correspondendo a 2.251 nascimentos vivos hospitalares, de mães residentes, ocorridos no Município de Santo André, Região Metropolitana de São Paulo, no período de l/1 a 30/6/1992, e aos óbitos neonatais verificados nessa coorte. RESULTADOS: Obteve-se a proporção de 4,3% de nascimentos PIG, significativamente maior entre os recém-nascidos de pré-termo e pós-termo, entre os nascimentos cujas mães tinham mais de 35 anos de idade e grau de instrução inferior ao primeiro grau completo. Os recém-nascidos PIG apresentam maior risco de morte neonatal que aqueles que não apresentavam sinais de retardo de crescimento intra-uterino. CONCLUSÕES: Em áreas com menor freqüência de baixo peso ao nascer, é importante investigar a presença de retardo de crescimento intra-uterino entre os nascimentos prematuros e não apenas nos nascimentos de termo. O registro da data da última menstruação (ou da idade gestacional em semanas não agregadas na DN facilitaria a detecção de PIGs na população de recém-nascidos.INTRODUCTION: Variables of birth certificates were analysed as risk factors of SGA (Small for Gestational Age infantis, and with a view to discovering if retarded intra-uterine growth was a risk factor neonatal mortality. MATERIAL AND METHOD: Data were obtained directly from 11 hospital medical records. A cohort of 2.251 hospital live births was obtained. Linkage of the death and birth certificates was undertaken to identify the neonatal deaths. The

  1. Computational modeling for irrigated agriculture planning. Part II: risk analysis Modelagem computacional para planejamento em agricultura irrigada: Parte II - Análise de risco

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João C. F. Borges Júnior

    2008-09-01

    Full Text Available Techniques of evaluation of risks coming from inherent uncertainties to the agricultural activity should accompany planning studies. The risk analysis should be carried out by risk simulation using techniques as the Monte Carlo method. This study was carried out to develop a computer program so-called P-RISCO for the application of risky simulations on linear programming models, to apply to a case study, as well to test the results comparatively to the @RISK program. In the risk analysis it was observed that the average of the output variable total net present value, U, was considerably lower than the maximum U value obtained from the linear programming model. It was also verified that the enterprise will be front to expressive risk of shortage of water in the month of April, what doesn't happen for the cropping pattern obtained by the minimization of the irrigation requirement in the months of April in the four years. The scenario analysis indicated that the sale price of the passion fruit crop exercises expressive influence on the financial performance of the enterprise. In the comparative analysis it was verified the equivalence of P-RISCO and @RISK programs in the execution of the risk simulation for the considered scenario.Técnicas de avaliação de riscos procedentes de incertezas inerentes à atividade agrícola devem acompanhar os estudos de planejamento. A análise de risco pode ser desempenhada por meio de simulação, utilizando técnicas como o método de Monte Carlo. Neste trabalho, teve-se o objetivo de desenvolver um programa computacional, denominado P-RISCO, para utilização de simulações de risco em modelos de programação linear, aplicar a um estudo de caso e testar os resultados comparativamente ao programa @RISK. Na análise de risco, observou-se que a média da variável de saída, valor presente líquido total (U, foi consideravelmente inferior ao valor máximo de U obtido no modelo de programação linear. Constatou

  2. Cotidiano da gravidez de risco por cardiopatia: estudo fenomenológico das relações assistenciais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Thaís Vasconselos Amorim

    Full Text Available RESUMO Objetivo: Desvelar o cotidiano das relações assistenciais do ser-aí-mulher na gravidez de alto risco por doença cardíaca. Métodos: Pesquisa qualitativa fenomenológica. Dezessete participantes foram entrevistadas em instituição referência para risco materno e os significados expressos foram analisados à luz do pensamento de Martin Heidegger. Resultados: As mulheres significaram terem sido cobradas pelos médicos por engravidarem e; saberem que o cardiologista dá o parecer, mas o obstetra é quem vai decidir a via de parto. Conclusão: Evidenciaram-se relações assistenciais pautadas na ótica fisiopatológica de acompanhamento gestacional e invisibilidade da equipe de enfermagem junto à gestante. Se por um lado os resultados apontam a necessidade de transcender para uma relação existencial que considera a mulher como ser-aí dotada de possibilidades, por outro anuncia a importância do cuidado de enfermagem congruente às necessidades de gestantes portadoras de cardiopatia na perspectiva de se fazer percebido e anunciado pelo ser-cuidado.

  3. O risco nas fronteiras entre política, economia e ciência : a controvérsia acerca da política sanitária para alimentos geneticamente modificados

    OpenAIRE

    Motta, Renata Campos

    2008-01-01

    O tema desta pesquisa são as relações de luta entre política, economia e ciência para a definição da política sanitária referente aos riscos dos alimentos geneticamente modificados. Parte-se da discussão teórica encontrada na sociologia do risco e na sociologia da ciência, para definir o risco como problema de fronteiras entre os campos político, científico e econômico, bem como fonte de disputas entre países. Esta problemática é ilustrada no caso dos alimentos geneticamente modificados. Como...

  4. Indicadores de risco para tentativa de suicídio por envenenamento: um estudo caso-controle

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Cláudia da Cruz Pires

    2015-09-01

    Full Text Available RESUMO Objetivo Considerando o envenenamento como o método mais utilizado para a tentativa de suicídio e a escassez de evidências nacionais sobre o tema, investigamos alguns possíveis indicadores de risco nesse tipo de tentativa. Métodos Estudo do tipo caso-controle em uma emergência geral de um hospital público, na cidade do Recife com 220 indivíduos, distribuídos em dois grupos de 110 pacientes cada, que estavam em tratamento, sendo o grupo casos os sobreviventes de tentativa de suicídio por envenenamento e os controles, sem história de intoxicação/envenenamento nem tentativa de suicídio, pareados por gênero e idade. Resultados O gênero feminino predominou na amostra (70,9%, com idade média de 29 anos; 73% declararam etnia branca ou morena; menos da metade vivia em convívio marital; a maioria tinha religião; ambos tinham poucos anos de estudo. Houve diferença significativa (p = 0,003 para dependência financeira entre os grupos, com chance 2,25 vezes maior para tentar suicídio entre os casos. Ter sofrido fatos traumáticos e abuso sexual na infância revelou diferença significativa. Conclusões Foram considerados indicadores de risco no grupo caso: estar em dependência financeira de terceiros, ter sofrido abuso sexual na infância, ideação suicida, histórico de transtorno mental na família, possuir algum transtorno mental e, principalmente, comorbidade(s psiquiátrica(s. No modelo de regressão, foi possível estimar uma chance de tentativa de suicídio por envenenamento de até 94,0% na presença conjunta de quatro fatores. A pesquisa representa uma das primeiras iniciativas para ampliação das discussões sobre os fatores de risco para tentativa de suicídio em âmbito nacional.

  5. Prevalência de fatores de risco em pacientes com infarto agudo do miocárdio

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Simone Mathioni Mertins

    2016-01-01

    Full Text Available Objetivo: Identificar a prevalência de fatores de risco em pacientes com infarto agudo do miocárdio, internados em uma Unidade de Terapia Intensiva Coronariana de um hospital da região noroeste do estado do Rio Grande do Sul ̸ Brasil. Metodologia: Estudo quantitativo, descritivo e transversal, realizado no período compreendido entre 25 de abril a 25 de junho de 2012, com 48 pacientes. As variáveis de interesse para este estudo foram as condições sociodemográficas, dados antropométricos, hábitos alimentares e fatores de risco cardiovascular. Resultados: A idade média foi de 59,9 ± 11,55 anos, com predominância do sexo masculino (81,3%, de cor branca (83,3%, casados (70,8%, ensino fundamental incompleto (72,9%, aposentados (37,5%, renda menor que três salários mínimos (58,3% e procedentes da região urbana (72,9%. A prevalência dos fatores de risco se distribuiu da seguinte forma: sedentarismo (91,7%, hipertensão arterial sistêmica (63,8%, estresse (50%, circunferência abdominal alterada (50%, história familiar (43,7%, tabagismo (41,7%, sobrepeso (35,5%, obesidade (33,4%, dislipidemia (23%, diabetes mellitus (20,8% e consumo de álcool (12,5%. Conclusão: Os dados apresentados mostram a elevada prevalência de fatores de risco em pacientes que tiveram infarto agudo do miocárdio e nos direcionam a entender o papel da educação em saúde como estratégia para reduzir as causas de morbimortalidade, além de propor ações de cuidado e autocuidado e mudanças nos hábitos de vida.  Descritores: Fatores de Risco; Infarto do Miocárdio; Educação em Saúde (Fontes: DeCS e BIREME.

  6. Sociedade de risco: o uso dos agrotóxicos e implicações na saúde do trabalhador rural

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cibelle Mello Viero

    2016-03-01

    Full Text Available Resumo Objetivo: Conhecer as percepções de trabalhadores rurais sobre os riscos advindos do uso de agrotóxicos para sua saúde. Métodos: Estudo do tipo descritivo, com abordagem qualitativa, desenvolvido com 15 trabalhadores rurais em um município do interior do Rio Grande do Sul, BR. Os dados foram coletados por meio de formulário socioeconômico e entrevista semiestruturada, durante os meses de fevereiro a abril de 2014 e analisados com base no referencial de conteúdo temática. Resultados: Evidenciou-se que os agricultores conhecem os riscos relacionados ao uso de agrotóxicos para sua saúde e a não utilização dos equipamentos de proteção individual. Conclusões: Não há adoção de medidas preventivas pelos participantes, com a necessidade de ações direcionadas à saúde destes trabalhadores.

  7. Niños víctimas de violencia en la pareja: Promoción de habilidades para la resiliencia

    OpenAIRE

    Matos García, Alba

    2014-01-01

    Los niños víctimas de la violencia en la pareja son una población vulnerable porque pueden experimentar problemas socioemocionales. Sin embargo, investigaciones recientes, señalan que el trabajo psicoeducativo, dirigido a los aspectos emocionales de estos niños, puede minimizar el impacto de ser testigos de la violencia entre sus progenitores. Este trabajo presenta un programa psicopedagógico, basado en el conocimiento de este colectivo y en el marco teórico de la Psicología...

  8. Utilização do laser de CO2 nas frenectomias labiais e linguais e sua relação com os fatores ortodonticos e fonatorios

    OpenAIRE

    Renata Cristina Fiorotti

    2001-01-01

    Resumo: A presença de freio anômalo, tanto labial superior como lingual, pode desencadear uma série de alterações do ponto de vista ortodôntico e fonatório. Quando é indicada a remoção cirúrgica dos freios, denominada frenectomia, o profissional dispõe de diversas técnicas convencionais padronizadas, desenvolvidas com o objetivo de melhorar os resultados clinicos e minimizar os efeitos indesejáveis, presentes em cirurgias convencionais sob anestesia local, mesmo que considerados procedimentos...

  9. Riscos e Retornos da Cafeicultura em Minas Gerais: uma análise de custos e diferenciação

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vanessa da Fonseca Pereira

    2010-09-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi analisar, comparativamente, o desempenho dos produtores de café do Cerrado mineiro e do sudoeste do estado, de acordo com o retorno obtido e o nível de risco. Dadas as opções estratégicas adotadas nessas duas regiões, a diferenciação e os custos foram enfatizados. As margens e os potenciais de perda dos dois grupos de cafeicultores foram mensurados, o que permitiu apresentar uma relação entre risco e retorno. Os retornos foram estimados por um índice que relaciona custos e preços - margem operacional -, e a análise de riscos foi realizada a partir das estimativas do Value at Risk. Os resultados indicaram que os produtores do Cerrado, além de terem obtido melhores retornos, apresentaram menores perdas potencias que os do sudoeste. Os resultados favoráveis aos cafeicultores do Cerrado foram relacionados às diferenças dos custos produtivos e da qualidade do café. Incrementos na qualidade do produto e melhorias na gestão do processo produtivo foram os aspectos considerados relevantes para melhorar o desempenho do produtor do sudoeste. Já em relação à cafeicultura do Cerrado, destacou-se a importância de manter os esforços ligados à diferenciação e à produtividade.This paper aimed to analyze the comparative performance from the Minas Gerais "Cerrado" coffee producers and the south-western conventional coffee producers, according to the returns and the risk level. Differentiation and costs were emphasized because they were the strategic options adopted by the grower in these two regions The margins and potential loss of these two producer groups were measured, in a way that a relation between risks and returns could be presented. The returns were estimated by an index that relates costs and prices - operational margin -, and risk analysis was conducted based on Value at Risk estimates. The results indicated that, besides obtaining better returns, the Minas Gerais "Cerrado" producers had

  10. Avaliação dos riscos de queda de pacientes em uso de medicamentos prescritos em hospital universitário

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carolina Justus Buhrer Ferreira Neto

    2015-04-01

    Full Text Available RESUMO Objetivo: estratificar medicamentos prescritos em escala de risco de queda, identificando subgrupos de medicamentos e unidades de internação com maior risco de queda. Método: estudo retrospectivo em prescrições de clínica médica, clínica cirúrgica, unidade de terapia intensiva geral. Fatores de risco considerados: 1 hipotensão ortostática; 2 hipotensão arterial; 3 hipertensão arterial; 4 bradicardia; 5 agitação psicomotora; 6 confusão mental; 7 tontura; 8 sonolência/sedação; 9 diminuição da visão; 10 convulsões; 11 atonia/distonia/fraqueza muscular; 12 hipoglicemia; 13 urgência micção e 14 urgência defecação/diarreia. Estabeleceu-se graus de risco: 0: 0 fator; I: 1-2 fatores; II: 3-5 fatores; III: 6-9 fatores e IV: 10-14 fatores. Resultados: foram analisados 3893 medicamentos, estratificados como graus: 0 22,7%; I 33,5%; II 28%; III 15,1%; IV 0,7%. Os graus III e IV referiram-se mais frequentemente a fármacos para distúrbios da acidez gástrica, 22,6%, e psicolépticos, 100%. Conclusão: conhecer fatores de risco associados aos medicamentos pode contribuir para prevenção e diminuição de quedas, sobretudo quando regimes terapêuticos não podem ser modificados.

  11. Fatores associados ao risco para doenças não transmissíveis em adultos brasileiros: estudo transversal de base populacional

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Letícia Casado Costa

    2012-06-01

    Full Text Available No Brasil, devido às mudanças nos perfis demográfico, epidemiológico e nutricional da população, as doenças infecciosas vêm cedendo lugar às crônicodegenerativas. Em face da grande heterogeneidade demográfica, social e econômica do país, são exigidas ações de saúde pública que sejam direcionadas às realidades locais. Com o objetivo de identificar os fatores associados ao risco para doenças não transmissíveis em adultos brasileiros, foi realizado um inquérito domiciliar, entre junho de 2002 e outubro de 2005, em amostra representativa de 18 capitais brasileiras. As prevalências dos fatores de risco para doenças crônicas não transmissíveis foram: excesso de peso; atividade física irregular ou sedentarismo;consumo de cigarros; consumo de álcool de risco; hipertensão arterial referida; diabetes referida; e hipercolesterolemia referida. A ausência de fatores de risco foi observada em apenas 8,5% da população entrevistada. Conclui-se que a alta prevalência de exposição a pelo menos um dos fatores de risco estudados evidencia que as ações em saúde devem ser multifatoriais e não dirigidas somente a um fator isolado.

  12. Aids, drogas, riscos e significados: uma construção sociocultural AIDS, drugs, risks and meanings: a sociocultural construction

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Angela Silveira Paulilo

    2005-03-01

    Full Text Available O artigo analisa discursos sobre o risco do HIV/Aids e das drogas, extraídos de duas pesquisas qualitativas desenvolvidas entre jovens de escolas públicas e jovens participantes em programas e serviços sociais públicos. Os dados provieram de grupos focais, oficina e resposta escrita a uma questão aberta; e questionário com questões fechadas e abertas. O texto se baseia em dois eixos de análise presentes no caso da aids e das drogas. O primeiro se relaciona à projeção do risco para um território distante estabelecido pela figura do "outro". O segundo se refere à busca do prazer trazido pelo sexo e pelas drogas, prazer constituído pela sensação de vertigem, de êxtase, de perda dos sentidos, componente oposto à racionalidade esperada pelo discurso preventivo. A compreensão sociocultural do risco nos levou a considerar que, embora cientes do discurso preventivo relacionado aos efeitos negativos das drogas e do HIV/Aids, os jovens o incorporam de forma particular, na qual aparecem inconsistências, ambivalências e ambigüidades. Concluímos que a linguagem do risco para os jovens é diferente daquela presente na área da saúde. Os riscos são concebidos e controlados em meio a diferenças culturais e não reduzidos à probabilidade de ocorrência de um evento negativo, como tratado pela linguagem racional moderna.The article analyzes the discourse about the risk represented by HIV/Aids and drugs, found in two qualitative researches carried out with youngsters from public schools and from public social services and programs. The data came, for the first research, from focus groups, workshops and a written answer to an open question; and for the second one, a questionnaire with close and open questions. This text is based on two analysis axes which occur in both cases, aids and drugs. The first one is related to the projection of the risk to a distant territory established by the figure of the "other". The second one is related to

  13. Plantas transgênicas e seus produtos: impactos, riscos e segurança alimentar (Biossegurança de plantas transgênicas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nodari Rubens Onofre

    2003-01-01

    Full Text Available Este trabalho aborda tópicos relacionados com plantas transgênicas, também chamadas de Organismos Geneticamente Modificados, alimentos derivados delas e segurança alimentar. As biotecnologias modernas são ferramentas de grande potencial de reprogramação dos seres vivos. Contudo, o maior problema na análise de risco destes organismos gerados pela biotecnologia é que seus efeitos não podem ser previstos em sua totalidade. Os riscos à saúde humana incluem aqueles inesperados, alergias, toxicidade e intolerância. No ambiente, as conseqüências são a transferência lateral de genes, a poluição genética e os efeitos prejudiciais a organismos não-alvo. O princípio da equivalência substancial, até agora utilizado, deveria ser abandonado em favor de um cientificamente embasado. Com a aprovação em janeiro de 2002 do Protocolo Internacional de Biossegurança, o princípio da precaução foi estabelecido como básico e a rotulagem tornou-se obrigatória. A percepção pública obriga empresas e cientistas a um maior uso da ciência na análise de risco antes do consumo destes alimentos.

  14. Gestão de Ativos e Passivos e Controle de Riscos: Um Estudo Aplicado ao Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais S/A.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leonardo Lelis Leão

    2012-12-01

    Full Text Available A principal função de um banco é o da intermediação financeira, o que demanda levantar recursos de clientes para alavancar seus empréstimos, sendo natural a exposição à riscos. Dentre estes sobressaem o risco de mercado e de liquidez, que devem ser adequadamente conhecidos pelos gestores, evitando-se que as turbulências da economia comprometam a saúde econômico-financeira da instituição. Este tema é largamente discutido no ambiente de negócios internacional, mas é escassa a literatura que trata do assunto no Brasil. Este estudo almeja suprir em parte esta lacuna ao apresentar um estudo de caso voltado para aanálise de gestão de ativos e passivos (ALM. O estudoanalisa os riscos de mercado e de liquidez e os resultados provenientes de cenários de estresse de uma instituição financeira de fomento.

  15. CONHECIMENTO DOS TRABALHADORES DA INDÙSTRIA METAL-MECÂNICA SOBRE FATORES DE RISCO PARA DOENÇA ARTERIAL CORONARIANA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Silvia Bohrer Oliva

    2011-01-01

    Full Text Available RESUMO: Objetivo: identificar o conhecimento dos trabalhadores da indústria metalmecânica em relação aos fatores de risco para doença arterial coronariana (DAC e às atitudes voltadas a sua prevenção. Métodos: estudo com delineamento transversal, realizado com um grupo de trabalhadores da indústria metal-mecânica do sul do Brasil. A amostra foi por conveniência. Os dados foram coletados por meio de um questionário e verificação de medidas antropométricas. Análise descritiva. Resultados: foram incluídos 100 trabalhadores, com idade média de 29,0+10,16 anos, 66% homens. A obesidade foi considerada como fator de risco para DAC por 94% dos trabalhadores, a hipertensão arterial por 88% e hipercolesterolemia por 80%. Em relação às atitudes para prevenção da DAC, 51% da amostra referiram praticar atividade física. Conclusão: a maioria dos entrevistados conhece os principais fatores de risco para DAC. Contudo, as atitudes voltadas à prevenção ainda são limitadas.

  16. Cuidado em saúde mental, risco e território: transversalidades no contexto da sociedade de segurança

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Valquiria Farias Bezerra Barbosa

    Full Text Available O objetivo deste estudo é discutir as transversalidades discursivas entre as noções de cuidado em saúde mental, risco e território nos relatórios das Conferências Nacionais de Saúde Mental (CNSM, situando-os no contexto da sociedade de segurança. Trata-se de estudo descritivo, exploratório, de análise qualitativa, documental e retrospectiva, na perspectiva da arqueologia do saber, de Michel Foucault. Desde a II até a IV CNSM, observa-se que o glossário relativo ao risco como probabilidade, ao cuidado e ao território apresentou-se com relevância progressiva, evidenciando a centralidade desses conceitos para a consolidação do novo modelo de atenção à saúde mental no Brasil. À medida que o modelo asilar entrou em declínio, no processo de constituição de uma rede de cuidados em saúde mental territorializada e comunitária, emergiram as discursividades sobre os riscos, que constituem elementos centrais do dispositivo de segurança.

  17. Análisis del tamaño de empaque en la cadena de valor para minimizar costos logísticos: un caso de estudio en Colombia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Christopher Mejía Argueta

    2015-01-01

    Full Text Available El presente artículo es un caso de estudio aplicado a una empresa colombiana de consumo masivo para minimizar los costos relacionados con sus operaciones logísticas al utilizar diferentes tama˜nos de empaque. Se formularon 2 modelos de optimización: uno para determinar los 5 tama˜nos de empaque secundario que disminuyen la necesidad de apertura para atender los pedidos recibidos, y otro para definir cuáles de esos tama˜nos de empaques son los más apropiados para atender cada canal de venta, minimizando el costo logístico total asociado. El análisis muestra hallazgos útiles para la atención de diversos canales, donde la optimización en la definición de los tama˜nos de empaques secundarios produjo una reducción promedio del 8,2% del costo logístico total de la empresa analizada.

  18. Comportamento de risco para ortorexia nervosa em estudantes de nutrição

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Quetsia Jackeline Octacilio Vitorino de Souza

    2014-09-01

    Full Text Available Objetivo Identificar comportamento de risco para o desenvolvimento de ortorexia nervosa em estudantes de Nutrição. Métodos Estudo descritivo e transversal. Participaram da pesquisa estudantes de Nutrição, do sexo feminino, com 18 anos de idade ou mais, de uma universidade do Vale do Paraíba do Sul/SP. Foram aplicados três instrumentos, sendo o primeiro para obter informações sobre idade, altura e massa corporal referidos, e ano do curso. Os dados de massa corporal e estatura referidos foram usados para cálculo do índice de massa corporal (IMC e classificação do estado nutricional. O segundo foi utilizado para identificar distúrbio da imagem corporal, de acordo com a escala de silhuetas. O terceiro foi utilizado para verificar o comportamento de risco para desenvolvimento de ortorexia nervosa (Orto-15. Resultados Participaram do estudo 150 alunas, com idade média de 23,21 anos. Observou-se que a maioria das alunas estava eutrófica (74%, n = 111, segundo a classificação do IMC. Em relação à percepção da imagem corporal, verificou-se que 74,7% (n = 112 das alunas do curso de Nutrição apresentavam distúrbio da imagem corporal. Quanto à ortorexia nervosa, observou-se que 88,7% (n = 133 das alunas apresentavam risco de desenvolver comportamento ortoréxico. Ao relacionar o comportamento ortoréxico com a série cursada, com o estado nutricional e com o distúrbio da imagem corporal, verificou-se que não houve associação entre as variáveis (p > 0,05. Conclusão Conclui-se que um número considerável das alunas do curso de Nutrição apresenta comportamento ortoréxico e distúrbio da imagem corporal.

  19. Fatores de risco para mortalidade hospitalar nas reoperações valvares

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    BRANDÃO Carlos Manuel de Almeida

    2002-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Identificar fatores de risco para mortalidade hospitalar em reoperações valvares. MÉTODO: Foi realizada análise prospectiva de 194 pacientes submetidos a reoperações valvares no período entre julho de 1995 e junho de 1999. As variáveis estudadas foram: sexo, idade, classe funcional, número e tipo de operações prévias, intervalo entre as operações, caráter da operação, creatinina sérica, fração de ejeção do ventrículo esquerdo, diâmetros diastólico e sistólico do ventrículo esquerdo, pressão sistólica de ventrículo direito, atividade de protrombina, relação do tempo de tromboplastina parcial ativada, contagem de plaquetas, tempo de circulação extracorpórea, tempo de pinçamento aórtico, posição e número de valvas, tipo de procedimento, operações associadas e volume de sangramento intra-operatório. Análise univariada e multivariada foi realizada para determinar os fatores de risco para mortalidade hospitalar. RESULTADOS: A mortalidade hospitalar foi de 8,8% (17 pacientes. A análise univariada identificou as seguintes variáveis associadas a maior mortalidade: classe funcional avançada, fração de ejeção do ventrículo esquerdo baixa, atividade de protrombina baixa, creatinina elevada, tempo de circulação extracorpórea prolongado, tempo de pinçamento aórtico prolongado, procedimentos associados e volume de sangramento intra-operatório elevado. Na análise multivariada foram significativas: classe funcional IV, creatinina > 1,5 mg/dl e tempo de circulação extracorpórea > 120 minutos. CONCLUSÕES: As variáveis classe funcional IV, creatinina > 1,5 mg/dl e tempo de circulação extracorpórea > 120 minutos são fatores de risco independentes para mortalidade hospitalar nas reoperações valvares.

  20. Estudo dos Fatores de Risco Associados a Arteriopatia Periferica em Nipo-brasileiros de Bauru (SP

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciana Garofolo

    2014-03-01

    Full Text Available Fundamento: As patologias cardiovasculares são a maior causa de morbimortalidade nos países desenvolvidos e emergentes. Sua principal etiologia, a aterosclerose, é doença disseminada acometendo os territórios coronariano, cerebral e periférico. A doença arterial obstrutiva periférica (DAOP, além de suas consequências per se, sinaliza o acometimento do território coronariano. Portanto, seu melhor conhecimento permite tratamento adequado, retardando complicações locais e à distância, diminuindo o custo para o sistema de saúde. Objetivo: Este estudo estima a porcentagem de DAOP em nipo-brasileiros de Bauru (SP, reconhecidos pela alta prevalência de distúrbios metabólicos, como hipertensão arterial (43%, diabetes melito (33% e hipercolesterolemia (60 %, e analisa a associação com biomarcadores de risco. Métodos: Este estudo transversal populacional avaliou 1.330 nipo-brasileiros de ambos os sexos com idade ≥ 30 anos que foram submetidos a exame físico completo, medidas antropométricas, exames laboratoriais e índice tornozelo-braço (ITB. Participantes com ITB ≤ 0,90 foram diagnosticados como portadores de DAOP. Após aplicação dos critérios de exclusão, 1.038 indivíduos integraram a análise. Empregou-se regressão de Poisson para análise das associações com DAOP. Resultados: A idade média foi 56,8 anos e a porcentagem de DAOP foi 21,1%, igual entre os sexos. DAOP associou-se com tabagismo (RP 2,16 [1,33-3,48] e hipertensão arterial (RP 1,56 [1,12-2,22]. Conclusão: A porcentagem de DAOP nos nipo-brasileiros foi semelhante à de outras populações de perfil cardiometabólico desfavorável (US PARTNERS e POPADAD. A associação independente de DAOP com tabagismo e hipertensão, mas não com outros clássicos fatores de risco, pode depender das frequências muito elevadas dos distúrbios metabólicos nessa população.

  1. Obesidade materna em gestações de alto risco e complicações infecciosas no puerpério

    OpenAIRE

    Paiva,Letícia Vieira; Nomura,Roseli Mieko Yamamoto; Dias, Maria Carolina Gonçalves; Zugaib, Marcelo

    2012-01-01

    OBJETIVO: Analisar a associação entre a obesidade materna e complicações infecciosas do puerpério em gestações de alto risco. MÉTODOS: Estudo prospectivo de ago/2009 a ago/2010, com os seguintes critérios de inclusão: puérperas até o 5º dia; idade >18 anos; gestação de alto risco; feto único e vivo no início do trabalho de parto; parto na instituição; peso materno aferido no dia do parto. O estado nutricional no final da gestação foi avaliado pelo índice de massa corporal (IMC), aplicando-...

  2. AS DOENÇAS OCUPACIONAIS ORIGINADAS FRENTE À EXPOSIÇÃO A RISCOS OCUPACIONAIS NA PRÁTICA DOS PROFISSIONAIS DE ENFERMAGEM.

    OpenAIRE

    Gomes, Suelen Veras; Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO); Passo, Joanir Pereira; Universidade do Estado do Rio de Janeiro

    2010-01-01

    INTRODUÇÃOO trabalho de enfermagem envolve aspectos físicos e psíquicos que estão diretamente relacionados e podem tanto proporcionar satisfação quanto tensão e, conseqüentemente, adoecimento do trabalhador (BULHÕES, 1994). Durante a prática dos profissionais de enfermagem há inúmeros riscos ocupacionais. Os riscos ocupacionais podem ser biológicos, químicos, físicos, ergonômicos e psicossociais (BULHÕES, 1994).  Surge o interesse pela temática a partir do momento em que foi observado que há ...

  3. Fatores de risco para o acidente vascular encefálico - doi: 10.5102/ucs.v3i1.551

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciana Leite Melo e Silva

    2008-04-01

    Full Text Available O acidente vascular encefálico é uma patologia que ocorre no território vascular do encéfalo. Pode ser classificado como isquêmico ou hemorrágico. Após um acidente vascular encefálico, a pessoa pode apresentar tipos de incapacidades, tanto físicas quanto emocionais. São muitos os fatores de risco que podem levar ao acidente vascular encefálico, como: a hipertensão arterial, a obesidade, o sedentarismo, a diabetes mellitus e o tabagismo. Assim, é importante que haja a prevenção dos fatores de risco, além do conhecimento de cada um deles, para o melhor tratamento do paciente.

  4. Somatotipo, fatores de risco e razão cintura-estatura em indivíduos fisicamente ativos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Anderson Henrique Souza de Almeida

    2015-08-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: A relação entre o tipo físico e o risco cardiovascular vem sendo estudada em diversas populações do mundo. No Brasil, estudos que avaliam esta relação são escassos, principalmente quando se trata de indivíduos que praticam atividades físicas. Objetivo: Analisar a relação do somatotipo com fatores de risco cardiovascular e razão cintura-estatura (RCEst em praticantes de atividade física.MÉTODOS: Trata-se de uma pesquisa descritiva com delineamento transversal. A amostra foi constituída por 280 sujeitos, usuários da pista de Cooper da Universidade Federal de Pernambuco, na cidade de Recife, PE, Brasil. Para identificação do nível de atividade física, utilizou-se a versão curta do International Physical Activity Questionnaire(IPAQ. Os indivíduos classificados como muito ativos, ativos ou irregularmente ativos A ou B, foram incluídos na amostra. Excluíram-se os sujeitos inativos fisicamente. O somatotipo foi estimado através do protocolo antropométrico de Carter e Heath (1990. Determinaram-se como fatores de risco cardiovascular o tabagismo, o consumo de bebida alcoólica e a pressão arterial (PA. Empregou-se a estatística descritiva para caracterização da amostra, em seguida, utilizou-se a Análise de Variância Multivariada (MANOVA, com nível de significância de p < 0,05.RESULTADOS: Não foi identificada relação significativa para as variáveis tabagismo e consumo de bebida alcoólica. Na análise da PA (Pillai's trace = 0,082; F = 8,187; p < 0,05 e da RCEst (Pillai's trace = 0,298; F = 39,081; p < 0,05, verificou-se significância estatística com o somatotipo.CONCLUSÃO: O tipo físico foi positivo e significativamente relacionado com a PA e com a RCEst, demonstrando que esse indicador antropométrico pode ser utilizado para predizer precocemente o risco de desenvolvimento de doenças cardiovasculares.

  5. Identificação de fatores de risco cardiovascular em pais/cuidadores de crianças cardiopatas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Camila Feijó Borges

    2012-10-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: As doenças cardiovasculares representam uma das principais causas de morbimortalidade no mundo. No Brasil, constituem a principal causa de óbitos. OBJETIVO: Identificar fatores de risco cardiovasculares em pais/cuidadores de crianças cardiopatas, mediante avaliação do estado nutricional, condições de saúde e estilo de vida. MÉTODOS: Estudo transversal, com 150 pais ou cuidadores de crianças cardiopatas que frequentavam um ambulatório de cardiologia pediátrica. Dados de identificação, estilo de vida e condições de saúde foram coletados por meio de questionário estruturado. Para análise dos hábitos alimentares utilizou-se questionário de frequência alimentar, e para avaliação do estado nutricional foram realizadas aferições de peso, estatura e circunferência da cintura e cálculo e classificação do Índice de Massa Corporal (IMC. RESULTADOS: Foram avaliados 155 pais de crianças cardiopatas, predominantemente do sexo feminino, 91,6%; a média de idade foi 35,0 ± 10,6 anos. Os fatores de risco observados em maior prevalência foram sedentarismo (85,2%, obesidade (28% e hipertensão (22,6%. Em relação aos hábitos alimentares foi identificada elevada frequência de consumo de carne vermelha, margarina, azeite, açúcar e baixo consumo de peixes. A comparação entre os gêneros apresentou diferença significativa em relação à obesidade, detectada pelo IMC, e hipertensão, e ambas foram mais presentes entre mulheres. A medida da circunferência da cintura também evidenciou maior risco cardiovascular nas mulheres. CONCLUSÃO: Foram identificados fatores de risco para doenças cardiovasculares nos pais/cuidadores avaliados, como excesso de peso, sedentarismo e hipertensão, além de hábitos alimentares inadequados como elevada frequência de consumo de gorduras saturadas e colesterol e baixa frequência de consumo de gorduras insaturadas.

  6. Prescrição de terapias baseadas em evidências para pacientes de alto risco cardiovascular: estudo REACT

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Otávio Berwanger

    2013-03-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Dados de atendimento ambulatorial ao paciente de alto risco cardiovascular no Brasil são insuficientes. OBJETIVO: Descrever o perfil e documentar a prática clínica do atendimento ambulatorial de pacientes de alto risco cardiovascular no Brasil, no que diz respeito à prescrição de terapias baseadas em evidências. MÉTODOS: Registro prospectivo que documentou a prática clínica ambulatorial de indivíduos de alto risco cardiovascular, que foi definido como a presença de um dos seguintes fatores: doença arterial coronariana, cerebrovascular e vascular periférica; diabetes; ou aqueles com pelo menos três dos seguintes fatores: hipertensão arterial, tabagismo, dislipidemia, maiores 70 anos, histórico familiar de doença arterial coronariana, nefropatia crônica ou doença carotídea assintomática. Foram avaliadas características basais e a taxa de prescrição das intervenções medicamentosas e não medicamentosas. RESULTADOS: Foram incluídos 2.364 pacientes consecutivos, sendo 52,2% do gênero masculino, idade média de 66,0 anos (± 10,1. Dentre os pacientes incluídos, 78,3% utilizavam antiplaquetários, 77,0% estatinas e, dos pacientes com história de infarto do miocárdio, 58,0% receberam betabloqueadores. O uso concomitante destas três classes foi de 34%. Não atingiram as metas preconizadas pelas diretrizes 50,9% dos hipertensos, 67% dos diabéticos e 25,7% dos dislipidêmicos. Os principais preditores de prescrição de terapias com benefício comprovado foram centro com cardiologista e histórico de doença arterial coronariana. CONCLUSÃO: Este registro nacional e representativo identificou hiatos importantes na incorporação de terapias com benefício comprovado, oferecendo um panorama real dos pacientes de alto risco cardiovascular.

  7. Aprender a mirar, primeros pasos para garantizar buenos hábitos audiovisuales en los niños

    OpenAIRE

    Pons, Mar; Ferrer, Xisca; Anta, Mª Gloria de

    2005-01-01

    Los medios de comunicación y las nuevas tecnologías ejercen una creciente influencia sobre los niños, los más indefensos ante las pantallas. La TV, por ejemplo, ocupa mucho de su tiempo y muchas veces actúa competitivamente contra la escuela y el trabajo de los profesores. Para contrarrestar o minimizar los efectos negativos de la TV, dotamos de herramientas que faciliten la educación audiovisual a losmás de veinte Centros de Educación Infantil que colaboran en este proyecto. En p...

  8. Avaliação do perfil de risco de cárie dentária em gestantes de Araraquara, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tatiana Carolina De Aguiar

    2011-12-01

    Full Text Available O conhecimento do risco de cárie na gravidez é essencial para um correto plano de tratamento com ações educativas e preventivas às mães para que possam cuidar adequadamente de sua saúde bucal e de seus filhos. Este estudo retrospectivo teve como objetivo identificar o risco de cárie de gestantes (15-44 anos; média= 25 anos que frequentaram a clínica de odontologia preventiva da Faculdade de Odontologia de Araraquara, Universidade Estadual Paulista de 1999 a 2007. Um total de 166 prontuários, preenchidos por alunos do 3º ano do Curso de Graduação, seguindo orientações pré-estabelecidas, foram utilizados. Coletou-se informação sobre: classificação do diagnóstico de risco de cárie, trimestre gestacional, consumo de carboidratos (entre ou durante as refeições, placa corada (registro de controle de placa de O'Leary, número e grupo de dentes com experiência de cárie. Para análise estatística foram utilizados o teste de qui-quadrado e ANOVA. A maioria das gestantes (92,1 % apresentou 25 % ou mais das superfícies dentárias com placa dental. A média (desvio-padrão de dentes obturados e cariados foi 7,9 (5,1 e 4,0 (3,4, respectiva emente. Os dentes posteriores foram os mais acometidos por cárie/restaurações. Quanto ao diagnóstico de risco à cárie, a classificação alta foi observada em 38,5 % das gestantes, moderada em 47,6 % e baixa em 13,9 %. Houve associação estatisticamente significativa (p= 0,001 entre o consumo de carboidratos e o diagnóstico de risco de cárie. O índice de placa foi semelhante nos diferentes trimestres gestacionais (f= 0,223; p= 0,803. Portanto pode-se concluir que o risco de cárie da grande maioria das gestantes foi alto ou moderado e esteve estatisticamente associado ao consumo de carboidratos.

  9. Conhecimentos e comportamentos de risco nos indivíduos adultos infectados com VIH, em relação à sexualidade

    OpenAIRE

    Costa, Odete Marisa dos Santos

    2009-01-01

    Este estudo tem como finalidade identificar os conhecimentos e comportamentos de risco dos indivíduos adultos infectados por VIH, em relação à sexualidade, de modo a promover o estabelecimento de medidas de prevenção de disseminação da doença. Os dados apresentados foram recolhidos através de um questionário aplicado a 253 indivíduos com infecção VIH/SIDA, numa faixa etária entre os 25 e os 50 anos de idade, que recorreram às consultas externas ou aos hospitais de dia de Infecc...

  10. A atividade física reduz o risco de câncer?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    E. Ortega

    1998-06-01

    Full Text Available Os resultados preliminares de diversos estudos epidemiológicos sugerem que a atividade física reduz o risco de câncer. Muitos estudos concluíram que o sedentarismo aumenta a possibilidade de surgimento de alguns tipos de câncer, particularmente do de cólon. Foi demonstrado que o exercício promove a ativação do sistema imunológico em animais, com redução concomitante do crescimento tumoral. Nos seres humanos há muitos fatores que podem influir no crescimento tumoral. Dessa forma, há boas razões para pensar que a atividade física possa exercer efeito protetor contra neoplasias, embora os dados epidemiológicos aqui apresentados ainda não permitam estabelecer conclusão definitiva. Contudo, pode-se recomendar o exercício regular de intensidade moderada para a prevenção do câncer. A escolha do tipo de exercício ou esporte pode ser um fator importante, já que dependerá das possibilidades individuais.

  11. Idosos vítimas de trauma: análise de fatores de risco

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliana Rodrigues

    2012-12-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi identificar fatores de risco para o trauma em idosos a partir de abordagem quantitativa e transversal, utilizando análise de regressão logística. Foi realizado no pronto-socorro de dois hospitais da cidade de Curitiba-PR. Foram entrevistados 261 idosos, sendo 56,7% mulheres e 43,3% homens. A idade variou de 60 a 103 anos, com maior concentração em idosos menores de 70 anos (44,8%. Os mecanismos de trauma mais frequentes foram: queda (75,9%, atropelamento (9,6%, trauma direto (5,4% e acidente automobilístico (3,8%. A análise multivariada permitiu afirmar que, o gênero feminino, a presença de cuidador, medicação de uso contínuo e problemas auditivos aumentam significativamente a probabilidade de trauma por queda. Problemas de visão sem uso de óculos e idosos com renda de até três salários mínimos tendem a ter maior probabilidade de trauma por queda. Os fatores que mais interferem no trauma em idosos podem, se avaliados durante a consulta de enfermagem, possibilitar ações de saúde para a sua prevenção.

  12. Desempenho do Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE Sob a Perspectiva do Retorno Ajustado ao Risco: Sustentabilidade Gera Retorno?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cinthya Muyrielle da Silva Nogueira

    2011-12-01

    Full Text Available Resumo: A exigência de uma maior responsabilidade social por parte das empresas, busca da sustentabilidade, entre outros fatores, contribuem para que surjam a oferta de investimentos conhecidos como Socialmente Responsáveis. Com o aumento da demanda por este tipo de investimento, assim como visando incentivá-lo, surge o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE. O índice é referência para comparar o desempenho de empresas listadas na BOVESPA sob os aspectos da sustentabilidade. O presente trabalho se propõe a analisar o desempenho do ISE no que se refere ao seu retorno e risco, comparando-o ainda com os resultados dos demais índices da BOVESPA. Foi realizada então, uma pesquisa exploratória com dados secundários, onde os índices foram analisados e utilizou-se do Índice de Sharpe como ferramenta para avaliação da eficiência dos índices de ações. Observou-se que os resultados foram semelhantes e o ISE superou os resultados de alguns dos demais índices da BOVESPA, de forma que o investimento no ISE mostra-se válido tendo em vista seu desempenho histórico.

  13. Sintomas de doenças sexualmente transmissíveis em adultos: prevalência e fatores de risco

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Laura Vidal Carret

    2004-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Medir a prevalência de sintomas de doenças sexualmente transmissíveis (DST e seus fatores de risco em uma população adulta. MÉTODOS: Estudo transversal de base populacional. A amostra foi constituída de adultos com 20 anos ou mais de idade, da zona urbana de Pelotas, RS. Utilizou-se questionário auto-aplicado para obtenção de informações de comportamento sexual e de sintomatologia para DST. A análise ajustada foi realizada por regressão logística. RESULTADOS: A prevalência de sintomas de DST foi de 13,5%. Pessoas do sexo feminino, mais jovens e cor não branca, bem como aquelas que não usaram preservativo na última relação sexual e que tiveram maior número de parceiros apresentaram maior risco para DST. Após estratificar por sexo, idade precoce de iniciação sexual e prática de sexo anal, as DST mostraram-se associadas com o desfecho apenas para os homens, e a menor escolaridade mostrou-se associada com o desfecho apenas para as mulheres. CONCLUSÕES: Este estudo mostrou uma prevalência importante de sintomas de DST. Levando-se em conta que muitas DST são assintomáticas e casos sintomáticos freqüentemente não são percebidos como patológicos pelos doentes e/ou não são diagnosticados pelos serviços, considera-se que o problema é ainda maior. Os resultados contribuíram também para aprofundar a discussão sobre o fato de viver com companheiro sexual não ser fator de proteção para a presença de sintomas dessas doenças e indicaram diferenças nos fatores de risco entre os sexos, sendo necessário considerar estas peculiaridades na abordagem deste assunto.

  14. Sintomas de doenças sexualmente transmissíveis em adultos: prevalência e fatores de risco

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carret Maria Laura Vidal

    2004-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Medir a prevalência de sintomas de doenças sexualmente transmissíveis (DST e seus fatores de risco em uma população adulta. MÉTODOS: Estudo transversal de base populacional. A amostra foi constituída de adultos com 20 anos ou mais de idade, da zona urbana de Pelotas, RS. Utilizou-se questionário auto-aplicado para obtenção de informações de comportamento sexual e de sintomatologia para DST. A análise ajustada foi realizada por regressão logística. RESULTADOS: A prevalência de sintomas de DST foi de 13,5%. Pessoas do sexo feminino, mais jovens e cor não branca, bem como aquelas que não usaram preservativo na última relação sexual e que tiveram maior número de parceiros apresentaram maior risco para DST. Após estratificar por sexo, idade precoce de iniciação sexual e prática de sexo anal, as DST mostraram-se associadas com o desfecho apenas para os homens, e a menor escolaridade mostrou-se associada com o desfecho apenas para as mulheres. CONCLUSÕES: Este estudo mostrou uma prevalência importante de sintomas de DST. Levando-se em conta que muitas DST são assintomáticas e casos sintomáticos freqüentemente não são percebidos como patológicos pelos doentes e/ou não são diagnosticados pelos serviços, considera-se que o problema é ainda maior. Os resultados contribuíram também para aprofundar a discussão sobre o fato de viver com companheiro sexual não ser fator de proteção para a presença de sintomas dessas doenças e indicaram diferenças nos fatores de risco entre os sexos, sendo necessário considerar estas peculiaridades na abordagem deste assunto.

  15. FATORES DE RISCO MODIFICÁVEIS PARA DOENÇAS CARDIOVASCULARES: EFEITO DE UM PROGRAMA DE EDUCAÇÃO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciana Neri NOBRE

    2012-12-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi avaliar o efeito de um programa de educação sobre fatores de risco modifi cáveis para doenças cardiovasculares (DCVs. Trata-se de um estudo longitudinal do tipo antes-edepois, realizado com portadores de diabetes e/ou hipertensão arterial sistêmica (HAS, cadastrados em duas Unidades Básicas de Saúde (UBS na cidade de Diamantina MG. Os voluntários foram submetidos a um Programa de Educação que constou de atendimento nutricional individualizado, e atividades educativas num período de doze meses. Os fatores de risco modificáveis estudados foram elevados valores de índice de massa corporal, circunferência da cintura e adiposidade, uso de cigarros e bebida alcoólica, estilo de vida sedentário, e hábitos alimentares inadequados. O efeito do programa foi avaliado comparando-se os resultados observados antes e após 12 meses da sua implantação. O critério de significância estatística adotado foi p<0,05. A maioria da amostra foi composta por mulheres (88,8% com baixo nível de instrução: 18,5% de analfabetos e 74% com ensino fundamental incompleto. As variáveis antropométricas e de adiposidade no período de intervenção apresentaram-se elevadas e não diferiram estatisticamente no decorrer do tempo. Grande parte relatou ser fisicamente ativo (81,5%, não consumir bebidas alcoólicas (88,9% nem cigarros (92,6%. Os valores médios do índice de massa corporal, circunferência da cintura, adiposidade e per capita de consumo de açúcar e sal estão acima dos valores considerados adequados. Apenas a média de consumo per capita de óleo apresentou diferença estatística ao final da intervenção (p=0,007. O programa de educação apresentou tendência para a redução de fatores de risco modificáveis para DCVs, refletido na redução do consumo de óleo, açúcar e sal, bem como de bebida alcoólica e cigarros.

  16. Governança empresarial, riscos e controles internos: a emergência de um novo modelo de controladoria

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nilton Cano Martin

    2004-04-01

    Full Text Available O exercício dos poderes de governança dentro de uma empresa depende em alto grau da implantação de um sistema de identificação, avaliação e controle dos riscos que cercam a gestão dos recursos nela investidos. Como os que exercem a governança não têm poder executivo, fatalmente um desses riscos é o de agenciamento, segundo o qual os administradores dos recursos empresariais, ao darem prioridade aos seus próprios interesses, podem não aplicá-los da forma mais adequada aos acionistas/proprietários. A governança deve, pois, cercar a administração dos recursos empresariais com um sistema de controle de gestão. Esse sistema, que deve levar em consideração os riscos que são inerentes aos negócios e compreende o controle da custódia, do desempenho e da qualidade da informação, é, neste artigo, conceituado e descrito em termos das linhas gerais da sua composição e principais instrumentos. Demonstra-se, finalmente, que tais controles devem ser feitos de forma integrada e unificada num único órgão e que esse órgão deve ser a Controladoria, que deve ser reformulada e ter um posicionamento na estrutura organizacional das empresas totalmente independente dos órgãos de administração. Essas são as bases do chamado novo modelo de Controladoria.Corporate governance highly depends on the installation of a system for the identification, evaluation and control of the risks surrounding the administration of the invested resources. Since Board members do not have executive power, one of the business risks is always the agency risk, according to which business resource managers may put their own interests and priorities ahead of the interests and priorities of the owners/ shareholders. Hence, the Board must surround the administration of business resources with a management control system, considering inherent business risks and encompassing three types of control: custody, performance and information quality. In this article

  17. Identificação de investimentos em eficiência energética e sua avaliação de risco

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carolina Salazar Aragón

    2013-01-01

    Full Text Available Para se obter economia de energia por meio da melhoria da eficiência energética, é necessário fazer um diagnóstico que mostre o real desempenho energético e, assim, determinar os investimentos requeridos. Não obstante, a viabilidade econômica destes investimentos deve ser avaliada. Diversos autores afirmam que esta área é carente, especialmente na avaliação do risco. O payback é o critério mais utilizado, mas não é o mais conveniente. O objetivo deste trabalho é aplicar uma metodologia que envolve duas análises: a análise de engenharia e a análise de risco. A análise de engenharia é feita por meio do uso de ferramentas de diagnóstico que permitem identificar os investimentos em eficiência energética. A análise de risco permite avaliar sua viabilidade, considerando a incerteza associada às variáveis que determinam a economia de energia e seu efeito sobre estas, adaptando a metodologia EBaR® por meio da modelagem e simulação. A metodologia proposta foi aplicada em uma empresa do setor industrial brasileiro e permitiu identificar que a empresa pode diminuir o consumo não associado à produção em até 60%, e que o investimento proposto para melhorar a eficiência energética é viável, pois apresenta uma boa relação retorno-risco.

  18. Soroprevalência e fatores de risco para sífilis em população carcerária de Goiás

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Lúcia Sampaio Sgambatti de Andrade

    1989-06-01

    Full Text Available Com o objetivo de dimensionar a prevalência da infecção pelo Treponema pallidum e determinar fatores de risco relacionados a soropositividade foram rastreados 299 presidiários no Centro Penitenciário de Atividades Industriais de Goiás (CEPAI-GO, 20 Km de Goiânia. O rastreamento sorológico foi realizado utilizando-se como critério de positividade, qualquer resultado sororeagente ao VDRL independentemente do título. Através de um questionário padronizado foram avaliados os seguintes fatores de risco: tempo de encarceramento, sinais e sintomas relativos às principais doenças sexualmente transmissíveis (DST, história de sífilis ou outras DST e práticas sexuais (homo/bissexualismo e número de parceiros. Foram calculados o valor preditivo positivo (VPP e negativo (VPN da história pregressa de sífilis obtida na anamnese. Uma soroprevalência global de 18,4% foi obtida, não havendo diferença entre as faixas etárias. O VPP do antecedente de sífilis foi de 26% significando que 74% dos indivíduos que referiram sífilis no passado não tiveram confirmação pelo VDRL. Entre os fatores de risco testados, a bissexualidade foi o único que apresentou associação estatisticamente significante com soropositividade (risco relativo 5,8 - LC 95% 1,2-16,0 p= 0,03. Foram discutidas as dificuldades metodológicas que poderiam ter influenciado nos resultados.

  19. Os jovens, a escola e o cyberbullying

    OpenAIRE

    Ferreira, Madalena Isabel Matias

    2013-01-01

    Trabalho de projeto apresentado à Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Castelo Branco para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de mestre em intervenção social escolar – especialização em crianças e jovens em risco. Este Projeto surge na necessidade de intervenção e criação de medidas para a sensibilização, combate e prevenção ao cyberbullying nas escolas. O cyberbullying é neste momento um dos problemas com que os jovens se debatem e que dia para...

  20. Fatores associados ao obito neonatal de recem-nascidos de alto risco: estudo multicentrico em Unidades Neonatais de Alto Risco no Nordeste brasileiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristiana Ferreira da Silva

    2014-02-01

    Full Text Available Este estudo pretendeu determinar os fatores associados à mortalidade intra-hospitalar, utilizando como variáveis explicativas as características individuais da mãe, da assistência ao pré-natal, parto e período neonatal e dos recém-nascidos internados em Unidades Neonatais de Alto Risco (UTIN integrantes da Rede Norte-Nordeste de Saúde Perinatal no Nordeste do Brasil. Foi realizado estudo longitudinal, multicêntrico de base hospitalar. A população do estudo compreendeu 3.623 nascidos vivos internados em 34 UTIN. Após o ajuste para os três níveis hierárquicos do modelo de determinação do óbito em UTIN até o 27 o dia de vida, associaram-se: tipo de parto – cesariana (OR = 0,72; IC95%: 0,56-0,95; não uso de corticoide antenatal (OR = 1,51; IC95%: 1,01-2,25; pré-eclâmpsia (OR = 0,73; IC95%: 0,56-0,95; oligodramnia (OR = 1,57; IC95%: 1,17-2,10; peso ao nascer < 2.500g (OR = 1,40; IC95%: 1,03-1,90; escore de Apgar 5 o minuto < 7 (OR = 2,63; IC95%: 2,21-3,14; uso de tubo endotraqueal (OR = 1,95; IC95%: 1,31-2,91; não uso de surfactante (OR = 0,54; IC95%: 0,43-0,69. O óbito em UTIN é determinado pelas condições assistenciais à gestação, parto e recém-nato.

  1. Ocorrência de anticorpos e fatores de risco associados à infecção por Leptospira spp. em Cebus spp. mantidos em cativeiro no Nordeste do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Débora R.A. Ferreira

    2011-11-01

    Full Text Available Estudou-se a ocorrência de anticorpos anti-Leptospira e os fatores de risco associados à infecção em primatas do gênero Cebus mantidos em cativeiro no Nordeste do Brasil. Foram analisadas 139 amostras de soro sanguíneo de diferentes espécies de primatas de ambos os sexos e idades variadas. Para a pesquisa de anticorpos empregou-se a técnica de Soroaglutinação Microscópica (SAM e para estudo dos fatores de risco utilizou-se análise multivariada. Foram observados anticorpos anti-Leptospira, sorovar Patoc em 6,5% dos primatas (09/139. O fator de risco identificado nesse estudo foi a não higienização diária de bebedouros (Odds ratio=12,095; IC 95% = 1,73-84,52; p=0,012,. Conclui-se que a população de Cebus mantidos em cativeiros no Nordeste do Brasil está exposta à infecção por anticorpos anti-Leptospira e que medidas corretivas de manejo dos animais, especificamente aquelas relacionadas à higienização diária de bebedouros devem ser implementadas para reduzir o risco de infecção por sorovares de Leptospira spp.

  2. Análise dos fatores de risco anteparto para ocorrência de cesárea Analysis of the risk factors for cesarean section

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Simone Angélica Leite de Carvalho Silva

    2005-04-01

    Full Text Available OBJETIVOS: criar um modelo preditivo para ocorrência de cesárea na Maternidade Professor Monteiro de Morais após avaliação dos fatores de risco anteparto das gestantes que pariram no período de 1 de setembro de 1999 a 31 de agosto de 2000, e posteriormente verificar a eficiência do serviço na indicação de cesárea. MÉTODOS: foi realizado estudo longitudinal, do tipo caso-controle com 3626 gestantes, no qual se verificou quais os fatores anteparto foram considerados de risco para cesárea, no período de 1 de setembro de 1999 a 31 de agosto de 2000. Posteriormente, criou-se modelo preditivo ideal, o qual permitiu quantificar o risco de cesárea para cada paciente na presença de um ou mais fatores de risco. A seguir, aplicou-se o modelo à amostra do estudo a fim de verificar o grau de concordância entre o risco previsto de cesárea e a realização do ato cirúrgico, ou seja, a eficácia na indicação de cesariana. RESULTADOS: aplicando-se o modelo preditivo na amostra, verificou-se que na ausência dos fatores de riscos anteparto, o risco basal de cesárea foi de 15,2%. O grau de concordância entre o previsto pelo modelo logístico e a ocorrência de cesárea foi de 86,6%. CONCLUSÕES: o modelo logístico permitiu identificar o risco basal de cesárea e quantificar a probabilidade de cesárea a partir da introdução do fator de risco. O modelo pode ser considerado útil e eficaz, uma vez que houve concordância entre o acerto e o previsto em 86,6% para cesariana, e 53,6% das pacientes submetidas ao parto normal, de fato, não tinham fator de risco para cesárea.PURPOSE: to create a predictive model for cesarean section at the "Professor Monteiro de Morais Maternity" after evaluation of antepartum risk factors of the pregnant women who delivered from September 1, 1999 to August 31, 2000, and then, to verify the efficacy of indication for cesarean section. METHODS: a longitudinal, case control study with 3.626 pregnant women was

  3. Estrutura para Detecção do Risco de Fraude nas Demonstrações Contábeis: Mapeando o Ambiente Fraudulento

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernando Dal-Ri Murcia

    2007-01-01

    Full Text Available Visando apresentar uma contribuição para um tema, todavia incipiente na literatura acadêmica nacional, este trabalho objetivou construir uma estrutura de red flags para detecção do risco de fraude nas demonstrações contábeis. Para isso, foram analisadas as seguintes fontes de dados: periódicos acadêmicos, dissertações de mestrado, teses de doutorado, livros e pronunciamento de órgãos reguladores. Com base nessa análise, 6 trabalhos foram selecionados: American Institute of Certified Public Accountants (2002, Conselho Federal de Contabilidade (1999, Albrecht e Romney (1986, Eining, Jones e Loebbecke, (1997, Bell e Carcacello (2000 e Wells (2005. Juntos, esses trabalhos apresentavam um total de 266 red flags. Assim, optouse por selecionar apenas os red flags que houvessem sido citados em ao menos 2 dos 6 trabalhos relacionados. Finalmente, os 45 red flags selecionados foram classificados em 6 clusters: estrutura e ambiente, setor/indústria, gestores, situação econômico-financeira, relatórios contábeis e auditoria. De uma maneira geral, a elaboração desta estrutura permitiu identificar os fatores de risco existentes em ambientes fraudulentos.

  4. Padrões alimentares de adolescentes e associação com fatores de risco cardiovascular: uma revisão sistemática

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    David Franciole de Oliveira Silva

    2016-04-01

    Full Text Available Resumo O objetivo deste estudo foi identificar por meio de uma revisão sistemática os principais padrões alimentares de adolescentes e verificar sua associação com fatores de risco cardiovascular. Foi realizada busca nas bases de dados Lilacs, SciELO, PubMed, Scopus e Web of Science, além da busca manual de artigos originais publicados entre 2005 a 2014. Dos 371 registros identificados; 26 preencheram os critérios de inclusão e foram inseridos na revisão. Os principais padrões alimentares observados foram Ocidental (61%, Saudável (42% e Tradicionais (38%. O padrão Ocidental foi positivamente associado com colesterol total e Síndrome Metabólica (SM, enquanto que o Saudável associou-se inversamente com glicemia de jejum, Pressão Arterial Diastólica (PAD e SM e positivamente com HDL-c, todas estas associações com qualidade da evidência D, muito baixa, segundo o sistema GRADE. Os padrões Tradicionais se relacionaram como fator de risco para hiperglicemia, hiperinsulinemia e hipertrigliceridemia e proteção para atividade física e IMC eutrófico. Por mais que estes resultados precisem ser analisados com prudência, devido à baixa qualidade da evidência, observa-se a necessidade de medidas que visem à promoção da alimentação saudável em adolescentes, de modo a contribuir para a prevenção de fatores de risco cardiovascular.

  5. Fatores de risco para leptospirose, relacionados à atividade laboral em agricultores de arroz em uma cidade do nordeste do Brasil, 2008.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patricia Pereira Vasconcelos de Oliveira

    2014-09-01

    Full Text Available Em 07/2008 o município de Várzea Alegre/CE notificou 350 casos suspeitos de leptospirose em agricultores de arroz e uma investigação foi realizada para identificar os fatores de risco. Um estudo de caso controle (1:2 de base populacional foi conduzido de janeiro a julho de 2008. O caso foi o individuo que apresentou titulo de anticorpos para leptospirose maior ou igual a 1:100 pelo método da soroaglutinação microscópica e o controle foi o individuo saudável que não apresentou títulos de anticorpos para leptospirose selecionado aleatoriamente. Entre os 85 casos identificados, 73(86% eram do sexo masculino; a mediana de idade foi de 19 anos (10-74 e mais de 60% dos casos referiram febre, mialgia, cefaleia e calafrios. No primeiro modelo teórico, ser do sexo masculino (OR:4;IC95%:2.3-9.4 e trabalhar na lavoura de arroz (OR:2.9;IC95%:2.1-6.8 foram associados a doença. No segundo modelo, usar roupas curtas (OR:5.3;IC95%:1.6-17.5 e mais de 8 horas trabalhados na lavoura (OR:3.9;IC95%:1.1-14.6 foram associados. Os principais fatores de risco identificados foram relacionados à atividade ocupacional e ao não uso de roupas de proteção individual e exposição prolongada ao ambiente de trabalho. Recomendamos o fortalecimento das políticas de saúde do trabalhador rural, aprimoramento do acesso desses agricultores às informações sobre os riscos e incentivá-los ao uso de equipamentos de proteção individual nas atividades de campo.

  6. Fatores de risco para nascimentos pré-termo em Londrina, Paraná, Brasil Risk factors for pre-term birth in Londrina, Paraná State, Brazil

    OpenAIRE

    Ana Maria Rigo Silva; Marcia Furquim de Almeida; Tiemi Matsuo; Darli Antonio Soares

    2009-01-01

    Objetivou-se identificar fatores de risco para nascimentos pré-termo por meio de estudo caso-controle populacional que envolve nascidos vivos hospitalares de mães residentes em Londrina, Paraná, Brasil. Os casos foram os 328 nascimentos pré-termo e os controles, uma amostra proporcional de 369 nascimentos com 37 semanas ou mais. Realizou-se análise de regressão logística múltipla hierarquizada. Verificou-se associação (p < 0,05) para as variáveis: sócio-econômicas - moradia em favela e baixa ...

  7. Cardiovascular risk assessment in hypertensive patients Evaluación del riesgo cardiovascular en hipertensos Avaliação do risco cardiovascular em hipertensos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elaine Amaral de Paula

    2013-06-01

    ó diferencia significativa entre la clasificación del riesgo cardiovascular, cuya correlación muestra discreta concordancia entre las dos escalas. Los elementos relacionados al estilo de vida parecen ser determinantes en el aumento del riesgo cardiovascular. OBJETIVO: avaliar o risco cardiovascular, utilizando o escore de Framingham tradicional e o modificado pela incorporação de fatores de risco emergentes, como história familiar de infarto agudo do miocárdio, síndrome metabólica e doença renal crônica. MÉTODO: participaram 50 hipertensos que faziam tratamento ambulatorial. Os dados clínicos foram obtidos por meio de entrevista semiestruturada e os laboratoriais, coletados em prontuários. RESULTADOS: verificou-se que o escore de Framingham tradicional foi predominantemente baixo (74%, 14% apresentou médio risco e 12% alto risco. Após a inclusão de fatores de risco emergentes, a chance de ocorrer um evento coronariano foi baixa em 22% dos casos, média em 56% e alta em 22% dos casos. CONCLUSÕES: a comparação entre o escore de risco de Framingham tradicional e o modificado demonstrou diferença significativa entre a classificação do risco cardiovascular, cuja correlação mostra discreta concordância entre as duas escalas. Os elementos relacionados ao estilo de vida parecem ser determinantes do aumento de risco cardiovascular.

  8. Riscos no ambiente de trabalho no setor de panificação: um estudo de caso em duas indústrias de biscoitos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernando Mota de Vasconcelos

    2015-09-01

    Full Text Available Este trabalho teve como objetivo identificar e analisar os riscos no ambiente de trabalho no setor de panificação em duas indústrias de fabricação de biscoitos de pequeno porte. O levantamento de dados foi feito de forma qualitativa, com identificação e avaliação dos fatores de riscos ambientais ocupacionais (físicos, químicos, biológicos, ergonômicos e de acidentes, observando as normas ISO 14001, OHSAS 18001, AS/NZS 4360, NBR 14009, NBR 14153 e as Normas Regulamentadoras (NR do Ministério do Trabalho e Emprego. Também foram realizadas medições dos índices de exposição ao ruído e ao calor, conforme a NR 15 e do nível de iluminância nos ambientes, conforme a NR 17. As empresas (denominadas “A” e “B” apresentaram níveis de riscos distintos, classificados como triviais, toleráveis, moderados e substanciais. Dos parâmetros de riscos avaliados, identificou-se que a empresa “B” foi a que apresentou maior exposição ao risco com potencial de causar danos à saúde e à integridade física dos seus trabalhadores, havendo necessidade imediata de intervenção. A partir das indústrias avaliadas, foi possível verificar que, mesmo em meio às exigências legais, as questões relacionadas à saúde e segurança no trabalho são muitas vezes consideradas como fator secundário. Os cuidados relacionados à qualidade, higiene e segurança dos seus produtos são sempre priorizados. Ressalta-se que os gastos efetuados com a prevenção de acidentes e doenças do trabalho devem ser vistos como investimentos, uma vez que poderão contribuir para melhor qualidade de vida dos profissionais, com possibilidades de maximização das atividades por eles desempenhadas.

  9. Associação entre medidas antropométricas e fatores de risco cardiovascular em crianças e adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Miria Suzana Burgos

    2013-10-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A obesidade tem sido identificada como importante fator de risco no desenvolvimento de doenças cardiovasculares, porém outros fatores exercem influência, combinados ou não à obesidade, e devem ser considerados na estratificação de risco cardiovascular em pediatria. OBJETIVO: Analisar a associação entre medidas antropométricas e fatores de risco cardiovascular, investigar os determinantes para as mudanças da pressão arterial (PA e propor uma equação de predição para circunferência de cintura (CC em crianças e adolescentes. MÉTODOS: Foram avaliadas 1.950 crianças e adolescentes, com idade entre 7-18 anos. Foi investigada a gordura visceral pela CC e a relação cintura-quadril, PA e índice de massa corporal (IMC. Em uma subamostra selecionada aleatoriamente desses voluntários (n = 578, foram medidos o colesterol total, a glicemia e os triglicerídeos. RESULTADOS: A CC se correlacionou positivamente com o IMC (r = 0,85; p < 0,001 e a PA (PAS r = 0,45 e PAD = 0,37; p < 0,001. A glicemia e os triglicerídeos apresentaram correlação fraca com a CC (r = 0,110; p = 0,008 e r = 0,201; p < 0,001, respectivamente. O colesterol total não se correlacionou com nenhuma variável. Idade, IMC e CC foram preditores significativos nos modelos de regressão para PA (p < 0,001. Propõe-se uma equação de predição da CC para crianças e adolescentes: meninos: y = 17,243 + 0,316 (altura em cm; meninas: y = 25,197 + 0,256 (altura em cm. CONCLUSÃO: A CC está associada com fatores de risco cardiovascular e apresenta-se como fator preditor de risco para hipertensão em crianças e adolescentes. A equação de predição para CC proposta em nosso estudo deve ser testada em futuros trabalhos.

  10. IMPLANTAÇÃO DA AUDITORIA BASEADA EM RISCO EM UMA ENTIDADE DO "SISTEMA S": O CASO DO SEBRAE/CE

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ruth Carvalho de Santana Pinho

    2015-12-01

    Full Text Available Com a crescente complexidade dos negócios, muitas entidades viram a necessidade de um controle maior sobre o risco para que seus objetivos pudessem ser atingidos. O presente trabalho discorre sobre a Auditoria Baseada em Risco (ABR, evidenciando suas principais características. O estudo apresenta-se relevante tanto para o meio empresarial, evidenciando as etapas de implantação dessa metodologia, como para o meio acadêmico, que possui poucos estudos relacionados ao tema, conforme observações empíricas. Assim, coube como pergunta de pesquisa: Quais fatores contribuem para a adequada implantação de uma Auditoria Baseada em Risco? Tem-se como objetivo geral deste estudo, identificar os fatores de sucesso na implantação da Auditoria Baseada em Risco (ABR. Escolheu-se como procedimento de pesquisa o estudo de caso. Os dados foram obtidos por intermédio da documentação oficial de implantação da ABR na entidade a qual descreve todas as etapas de implantação, além de aplicação de entrevista e questionário entre os auditores internos da empresa e gestores das áreas de Licitação, Contabilidade e Jurídico Concluiu-se que a ABR é uma ferramenta importante para empresas que desejam avaliação independente para a Gestão de Riscos, sendo necessário um plano bem estruturado de implantação para êxito desta. Destarte, uma Auditoria Interna Tradicional bem desenvolvida, ou seja, que mantém um controle interno eficaz, se torna uma característica facilitadora para a mudança de escopo, pois para a correta implantação da ABR é necessário um ambiente de gestão robusto e o efetivo envolvimento da equipe de auditoria.

  11. Construcción y empleo de los diagramas C-Q. Una vía para minimizar los costos de operación y mantenimiento de los sistemas de bombeo de pozos profundos.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    R. Morales

    2009-05-01

    Full Text Available En el trabajo se plantea la necesidad de establecer un Sistema de Mantenimiento Preventivo por condición técnica para los pozos profundos de regadío del estado de Cojedes en la República Bolivariana de Venezuela, debido a que el alto porcentaje de sólidos por unidad de volumen de agua provoca el desgaste acelerado de diferentes elementos de máquinas de las bombas, lo que trae consigo que se acorte la vida útil de dichas máquinas, así como se incrementen sus costos de operación. Como resultado de la investigación se hace una propuesta de procedimiento para construir los diagramas C-Q y con su uso poder determinar cuando es necesario realizar el mantenimiento de los pozos y de esa forma evitar las fallas prematuras en las bombas y minimizar los costos de la operación y mantenimiento del sistema pozo-bomba.This paper exposes the need of establishing a Preventive Maintenance System, for technical condition, for the irrigated artesian wells at Cojedes's state, in the Bolivarian Venezuelan Republic. Due to the high solids percentage per water volume unit, the wear of different hardware elements of the pumps is accelerated. This fact provokes the shortening of the service life of the aforementioned hardware and consequently the increase in operating costs. As a research result this article presents a procedure proposal to construct C-Q diagrams to determine when it will be necessary to accomplish the well maintenance. In that way one can avoid premature faults in pumps and minimize the operation and maintenance costs of the pumping system

  12. Fatores de risco e profilaxia para tromboembolismo venoso em hospitais da cidade de Manaus Risk factors and prophylaxis for venous thromboembolism in hospitals in the city of Manaus, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edson de Oliveira Andrade

    2009-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Identificar e classificar os fatores de risco para tromboembolismo venoso (TEV em pacientes internados, avaliando as condutas médicas adotadas para a profilaxia da doença. MÉTODOS: Estudo observacional, de corte transversal no período de janeiro a março de 2006, envolvendo uma população de pacientes internados em três hospitais na cidade de Manaus (AM. A estratificação do risco para TEV foi feita com base nos critérios da Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular e da International Union of Angiology. Foram avaliados variáveis sobre os fatores de risco clínicos, cirúrgicos e medicamentosos, assim como os métodos profiláticos para TEV. Os dados foram analisados estatisticamente, adotando-se um alfa de 5% e IC95%. Os dados qualitativos foram analisados pelo teste do qui-quadrado e os dados quantitativos pelo teste t de Student. RESULTADOS: Foram estudados 1.036 pacientes num total de 1.051 internações, sendo 515 (49,7% homens e 521 (50,3% mulheres. Um total de 23 de fatores de risco para TEV foram identificados (número total de eventos, 2.319. O risco estratificado para TEV foi de 50,6%, 18,6% e 30,8% das internações para risco alto, moderado e baixo, respectivamente. Em 73,3% das internações, não foram adotadas medidas profiláticas não-medicamentosas durante o período do estudo, e em 74% das internações que apresentavam risco moderado ou alto, não foram adotadas quaisquer medidas terapêuticas medicamentosas. CONCLUSÕES: Este estudo evidenciou que, na população estudada, os fatores de risco foram frequentes e que medidas profiláticas não foram utilizadas para pacientes com riscos potenciais de desenvolverem TEV e suas complicações.OBJECTIVE: To identify and classify risk factors for venous thromboembolism (VTE in hospitalized patients, as well as to evaluate medical practices regarding prophylaxis for the disease. METHODS: An observational cross-sectional study, carried out between

  13. Evidenciação da gestão de riscos pela metodologia do coso: um estudo nos relatórios da administração de empresas brasileiras

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vinícius Costa da Silva Zonatto

    2012-05-01

    Full Text Available O estudo objetiva analisar os níveis de evidenciação da gestão de riscos pela metodologia do Committee of Sponsoring Organizations of the Treadway Commission (Coso nos relatórios da administração de empresas brasileiras. Uma pesquisa descritiva com abordagem quantitativa foi realizada nos relatórios da administração de 28 empresas brasileiras com American Depositary Receipts (ADRs na New York Stock Exchange (Nyse, classificando-os quanto à amplitude da evidenciação da gestão de riscos. Os resultados da pesquisa mostram que 14,29% das empresas pesquisadas não apresentam informações referentes à gestão de riscos. Das empresas com informações evidenciadas, 25% tiveram seus relatórios da administração classificados como informação incompleta longa, 25% como informação incompleta média e 35,71% como informação incompleta curta. Conclui-se que os níveis de evidenciação das características básicas recomendadas pelo Coso são baixos nos relatórios da administração pesquisados.

  14. Comparação dos fatores de risco para amputações maiores e menores em pacientes diabéticos de um Programa de Saúde da Família Comparison of risk factors for major and minor amputation in diabetic patients included in a Family Health Program

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elvira Cancio Assumpção

    2009-06-01

    Full Text Available CONTEXTO: Dentre as maiores causas de internamento hospitalar em pacientes com diabetes melito tipos 1 e 2 estão as complicações do pé diabético, principalmente pelas sequelas, muitas vezes incapacitantes, destacando-se as amputações de membros inferiores. A insuficiência vascular periférica ocorre mais precocemente nesses pacientes. A coexistência de neuropatia, isquemia e imunodeficiência favorece o desenvolvimento de infecções nos membros inferiores, que, se não tratadas adequadamente, podem levar a amputações e até à morte. OBJETIVOS: Comparar os fatores de risco para amputações maiores e menores em pacientes diabéticos de um Programa de Saúde da Família do CAIC Virgem dos Pobres III, em Maceió, AL. MÉTODOS: Foram examinados 93 pacientes com o diagnóstico de diabetes melito, sendo avaliada a realização ou não de amputações de membros inferiores. As variáveis analisadas foram: sexo, idade, tipo do diabetes, pressão arterial, amputação prévia (se maior ou menor, alterações dermatológicas, alterações de pulsos arteriais pedioso e tibial posterior, deformidades e neuropatia, e foram classificadas de acordo com a classificação de Wagner e de Texas. RESULTADOS: Todos os pacientes eram diabéticos tipo 2. Verificou-se que 4,30% dos pacientes evoluíram para amputação de membros inferiores. Não se observou variação significativa da hipertensão, deformidades e neuropatia em relação ao grupo de pacientes que foram amputados. Entretanto, a ausência de detecção dos pulsos distais dos membros inferiores revelou-se bastante significativa com relação ao desfecho de amputação. CONCLUSÃO: Deve-se proporcionar aos diabéticos um atendimento ambulatorial adequado para que seja possível prevenir ou minimizar tais complicações.BACKGROUND: The main causes of hospital admission in patients with type 1 and 2 diabetes mellitus include diabetic foot complications, which may result in particularly disabling

  15. AVERSÃO À PERDA NAS DECISÕES DE RISCO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    DANIEL ROSA DE ARAUJO

    2007-12-01

    Full Text Available Os estudos de Finanças Comportamentais surgiram numa tentativa de enquadrar os estudos econômicos e financeiros dentro do comportamento humano, levando em consideração a natureza humana e aceitando o fato de que os agentes econômicos estão suscetíveis a erros e a ações irracionais. A base de Finanças Comportamentais está na Teoria da Perspectiva, que, segundo Bernstein (1997, expõe padrões de comportamento nunca reconhecidos antes pelos estudiosos e teóricos de processo decisório. A Teoria da Perspectiva aponta duas deficiências humanas que causam esses padrões. A primeira é o fato de a emoção muitas vezes destruir o autocontrole que é essencial à tomada racional de decisões. A segunda deficiência é o fato de as pessoas na maioria das vezes não entenderem de forma clara com que estão lidando,criando em suas mentes molduras cognitivas. Estes estudos mostraram que a irracionalidade em decisões e escolhas ocorre também entre investidores, executivos e administradores. Com base no estudo de Kahneman e Tversky (1997, este trabalho buscou verificar entre 180 estudantes de administração da Universidade de Brasília, como se dá a evolução do processo decisório destes alunos ao longo do curso, buscando verificar, desta forma, se os estudos de administração interferem nas tomadas de decisões quando estes se deparam com situações de risco. Os resultados encontrados nesta população específica mostraram que os estudantes pesquisados demonstraram pouca inferência de molduras cognitivas, levando a concluir que estes frames não ocorrem de forma generalizada, como afirmado por Kahneman e Tversky (Kahneman e Tversky 1984. apud BERNSTEIN, Peter L. Desafio aos deuses, p. 275.

  16. Risco privado em infra-estrutura pública: uma análise quantitativa de risco como ferramenta de modelagem de contratos Private risk in public infrastructure: a quantitative risk analysis as a contract modeling tool

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz E. T. Brandão

    2007-12-01

    Full Text Available Parcerias público-privadas (PPP são arranjos contratuais onde o governo assume compromissos futuros por meio de garantias e opções. São alternativas para aumentar a eficiência do Estado por uma alocação mais eficiente de incentivos e riscos. No entanto, a determinação do nível ótimo de garantias e a própria alocação de riscos são geralmente realizadas de forma subjetiva, podendo levar o governo a ter que assumir passivos significativos. Este artigo propõe um modelo de valoração quantitativa de garantias governamentais em projetos de PPP por meio da metodologia das opções reais, e este modelo é aplicado a um projeto de concessão rodoviária. Os autores analisam o impacto de diversos níveis de garantia de receita sobre o valor e risco do projeto, bem como o valor esperado do desembolso futuro do governo em cada uma das situações, concluindo que é possível ao poder público determinar o nível ótimo de garantia em função do grau de redução de risco desejado, e que o desenho e a modelagem contratual de projetos de PPP podem se beneficiar de ferramentas quantitativas aqui apresentadas.Public private partnerships (PPP are contractual arrangements in which the government assumes future obligations by providing project guarantees. They are considered a way of increasing government efficiency through a more efficient allocation of risks and incentives. On the other hand, the assessment and determination the optimal level of these guarantees is usually subjective, exposing the government to potentially high future liabilities. This article proposes a quantitative model for the evaluation of government guarantees in PPP projects under the real options approach, and applies this model to a toll highway concession with a minimum revenue guarantee. It studies the impact of different guarantee levels on the value and the risk of the project, as well as the expected level of future cash payments to be made by the government in

  17. Análise do risco do escorregamento epifisário femoral proximal contralateral pelo escore de Oxford modificado

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jamil Faissal Soni

    2015-10-01

    Full Text Available r e s u m o Objetivo: Determinar a aplicacão do escore de Oxford modificado em pacientes com escorre gamento epifisário femoral proximal (EEFP no auxílio da indicacão do tratamento cirúrgico profilático dos quadris contralaterais. Métodos: Análise retrospectiva dos prontuários dos pacientes atendidos na instituicão na qual os autores trabalham. Foram selecionados aqueles com um tempo de seguimento mínimo de dois anos, atendidos de 2008 até 2011, que apresentaram EEPF unilateral. Os cri térios de exclusão foram pacientes com doenca endócrina ou metabólica, síndrome de Down e aqueles com radiografias inadequadas para determinar a pontuacão no escore de Oxford modificado. As radiografias iniciais receberam uma pontuacão que varia de 16 a 26. A aná lise estatística foi usada para determinar se a pontuacão foi preditiva do desenvolvimento futuro de deslizamento contralateral. Resultados: Dos 15 pacientes selecionados com EEFP unilateral, cinco (33,3% evoluíram para o escorregamento contralateral. Os pacientes foram divididos em dois grupos, qua tro pacientes foram considerados de risco e desses três desenvolveram o escorregamento contralateral. No grupo sem risco havia 11 pacientes, dois evoluíram para o escorregamento contralateral. Nota-se assim uma tendência de que pacientes do grupo que desenvolveu a doenca difiram do grupo que não desenvolveu em relacão à classificacão de risco. Conclusão: Apesar de na nossa amostra a aplicacão do escore de Oxford modificado não ter sido estatisticamente significativa, notamos uma tendência para o escorregamento contra lateral nos quadris com escore baixo.

  18. Fatores de risco para lesão renal aguda em pacientes com trauma grave e seus efeitos na mortalidade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    André Luciano Baitello

    2013-06-01

    Full Text Available Os estudos que relacionaram lesão renal aguda (LRA e trauma surgiram durante a Segunda Guerra Mundial e, desde então, tem havido progressiva evolução dos cuidados para a prevenção da LRA. Entretanto, a determinação dos fatores de risco para o desenvolvimento de LRA pós-trauma permanece crucial e pode ajudar a reduzir esta complicação. OBJETIVO: Este estudo tem como objetivo identificar os fatores de risco para o desenvolvimento de LRA em pacientes com trauma grave e sua influência na mortalidade. Trata-se de um estudo retrospectivo com 75 pacientes incluídos por apresentarem trauma grave; seis foram excluídos por terem chegado ao hospital sem condições de ressuscitação. MÉTODO: As variáveis estudadas foram: idade, sexo, gravidade do trauma de acordo com Injury Severity Score (ISS e Escala de Coma de Glasgow (ECG, mecanismo de trauma, pressão arterial média na admissão, reposição volêmica nas primeiras 24h, níveis séricos de creatinina, uso de antibióticos nefrotóxicos, tempo de internação, necessidade de internação em UTI e mortalidade. RESULTADOS: A prevalência de LRA em traumatizados graves foi de 17,3%, sendo que os fatores associados à IRA nessa amostra foram TCE, ECG < 10. A mortalidade, o tempo de internação e a necessidade de UTI foram significativamente maiores nos pacientes que desenvolveram LRA. CONCLUSÕES: A identificação desses fatores de risco é de suma importância para a formulação de estratégias de atendimento aos pacientes vítimas de trauma grave, visando à prevenção da lesão renal aguda e da elevada mortalidade.

  19. Risco de câncer de pulmão, laringe e esôfago atribuível ao fumo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Menezes Ana MB

    2002-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Os tipos de câncer de pulmão, laringe e esôfago têm como um de seus principais fatores de risco o fumo. O objetivo do estudo foi avaliar o risco populacional atribuível ao fumo nesses tipos de câncer. MÉTODOS: A pesquisa baseou-se em três estudos de caso-controle em cidade de médio porte do Brasil. Analisaram-se casos incidentes hospitalares de câncer de pulmão, de laringe e de esôfago diagnosticados por biópsias; os controles foram pacientes hospitalizados por outros motivos, sem ser câncer ou doenças altamente relacionadas ao fumo. O fator de exposição foi o tabagismo medido em três níveis: não-fumantes, ex-fumantes e fumantes atuais, definidos por meio de questionários aplicados por entrevistadores treinados. Para a medida de efeito, foi utilizado o odds ratio obtendo-se, dessa forma, o "risco populacional atribuível" ao fumo com IC de 95%. RESULTADOS: Foram estudados 122 casos e 244 controles de câncer de pulmão, 50 casos de câncer de laringe e 48 casos de câncer de esôfago, com um grupo de 96 controles comum a ambos. A prevalência da exposição ao fumo utilizada para a análise foi de 34%, que corresponde à prevalência de fumo na população adulta da cidade. Os odds ratios para o cálculo do risco populacional atribuível foram obtidos por análises ajustadas para os fatores de confusão de cada um dos estudos. Para ex-fumantes com câncer de pulmão, o risco populacional atribuível foi de 63% (IC95%, 0,58-0,68 e, para fumantes, de 71% (IC95%, 0,65-0,77. Para câncer de laringe, o RPA foi de 74% (IC95%, 0,70-0,78 para ex-fumantes e de 86% (IC95%, 0,81-0,85 para fumantes. O câncer de esôfago mostrou um risco de 54% (IC95%, 0,46-0,62 para fumantes. CONCLUSÃO: Conclui-se que o fumo é um importante fator de risco e que a cessação do mesmo contribuiria para reduções significativas na incidência de câncer nesses três sítios.

  20. Risco<