WorldWideScience

Sample records for mais idosos submetidos

  1. SENTIMENTOS RELACIONADOS COM A AUTO-IMAGEM DE IDOSOS SUBMETIDOS À AMPUTAÇÃO DE MEMBROS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria José D'Elboux Diogo

    Full Text Available O presente estudo é parte da monografia de DIOGO6 e tem por objetivo verificar junto a idosos submetidos à amputação de membros inferiores os sentimentos relacionados à sua auto-imagem. Os dados foram coletados com 25 pacientes internados e de ambulatório, de um hospital universitário governamental. A análise dos resultados nos 3ugere que os sentimentos relatados pelos pacientes submetidos à amputação há menos de 10 dias são diferentes dos referidos pelos idosos que tiveram membros amputados há um mês ou mais enquanto, a dependência foi manifestada nos dois grupos. Com relação às reações de parentes e amigos, em ambos os grupos houve semelhança.

  2. Mutação BRAF em pacientes idosos submetidos à tireoidectomia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antonio Augusto T. Bertelli

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a frequência da mutação V600E do gene BRAF em pacientes com mais de 65 anos de idade submetidos à tireoidectomia, correlacionando sua presença ou ausência com as diferentes lesões histológicas, com as variantes e com fatores prognósticos do carcinoma papilífero. MÉTODOS: Foram avaliados 85 pacientes com mais de 65 anos de idade submetidos à tireoidectomia, analisando a mutação BRAF V600E através de reação de PCR-RT realizada após a extração do DNA dos blocos de parafina. RESULTADOS: Detectou-se ausência ou presença da mutação BRAF V600E em 47 pacientes (55,3%. Entre os 17 carcinomas papilíferos estudados, sete apresentavam a mutação (41,2%. Demonstrou-se associação estatística entre a presença desta mutação e a variante clássica do carcinoma papilífero, além de tendência de associação com o extravasamento tireoideano. CONCLUSÃO: A mutação BRAF nos pacientes idosos também é exclusiva do carcinoma papilífero e tem frequência expressiva. Além disso, está relacionada à variante clássica e, possivelmente, ao extravasamento tireoideano.

  3. Qualidade de vida de idosos submetidos à hemodiálise: uma revisão sistemática

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabrícia Silvino Machado

    2015-02-01

    Full Text Available Este estudo tem como objetivo compreender o panorama atual da literatura nacional referente à qualidade de vida (QV de idosos submetidos à hemodiálise (HD e as possíveis repercussões do tratamento, por meio de uma revisão sistemática de publicações realizadas na última década. Feita busca nas bases indexadoras eletrônicas da Biblioteca Virtual em Saúde (BVS no período de 2003 a 2013. Concluiu-se que inúmeros são os fatores que acarretam baixa QV ao idoso submetido à HD, entre eles físicos, psicológicos e socioculturais, com variações de acordo com a área analisada.    

  4. Mutação BRAF em pacientes idosos submetidos à tireoidectomia BRAF mutation in the elderly submitted to thyroidectomy

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antonio Augusto T. Bertelli

    2013-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a frequência da mutação V600E do gene BRAF em pacientes com mais de 65 anos de idade submetidos à tireoidectomia, correlacionando sua presença ou ausência com as diferentes lesões histológicas, com as variantes e com fatores prognósticos do carcinoma papilífero. MÉTODOS: Foram avaliados 85 pacientes com mais de 65 anos de idade submetidos à tireoidectomia, analisando a mutação BRAF V600E através de reação de PCR-RT realizada após a extração do DNA dos blocos de parafina. RESULTADOS: Detectou-se ausência ou presença da mutação BRAF V600E em 47 pacientes (55,3%. Entre os 17 carcinomas papilíferos estudados, sete apresentavam a mutação (41,2%. Demonstrou-se associação estatística entre a presença desta mutação e a variante clássica do carcinoma papilífero, além de tendência de associação com o extravasamento tireoideano. CONCLUSÃO: A mutação BRAF nos pacientes idosos também é exclusiva do carcinoma papilífero e tem frequência expressiva. Além disso, está relacionada à variante clássica e, possivelmente, ao extravasamento tireoideano.OBJECTIVE: To evaluate the frequency of the BRAF V600E mutation in patients over 65 years of age undergoing thyroidectomy, correlating its presence or absence with the different histologic lesions, their variants and with prognostic factors of papillary carcinoma. METHODS: We evaluated 85 patients over 65 years of age who underwent thyroidectomy, analyzing the BRAF V600E mutation by RT-PCR performed after DNA extraction from the paraffin blocks. RESULTS: The study detected the presence or absence of BRAF V600E mutation in 47 patients (55.3%. Among the 17 papillary carcinomas studied, seven had the mutation (41.2%. There was a statistical association between the presence of this mutation and the classic variant of papillary carcinoma, and a trend of association with thyroid extravasation. CONCLUSION: BRAF mutation in the elderly is also exclusive of

  5. Transtorno de ansiedade generalizada em idosos com oitenta anos ou mais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Xavier Flávio MF

    2001-01-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Descrever a prevalência de transtorno de ansiedade generalizada (TAG em uma população de idosos residentes em uma comunidade e com idade acima de 80 anos e comparar os padrões de sono, a função cognitiva e a taxa de prevalência de outros diagnósticos psiquiátricos entre controles normais e sujeitos com TAG. MÉTODOS: Para o diagnóstico de TAG, foram utilizados os critérios do "Diagnostic and Statistical Manual of Mental Disorders" (DSM-IV. Selecionou-se uma amostra randômica e representativa de 77 sujeitos (35%, residentes em uma comunidade, entre todos os idosos com idade acima de 80 anos do município Veranópolis, RS. Os padrões de sono foram aferidos pelo índice de qualidade de sono de Pittsburgh e pelo diário sobre sono/vigília a ser preenchido ao longo de duas semanas. Cinco testes neuropsicológicos foram usados na avaliação cognitiva: teste das lembranças seletivas de Buschke-Fuld; lista de palavras da bateria CERAD (Consortium to Establish a Registry for Alzheimer's Disease; teste de fluência verbal e dois subtestes da escala de memória Wechsler. RESULTADOS: A prevalência estimada de TAG foi de 10,6%, cuja presença estava associada a uma maior ocorrência de depressão clinicamente diagnosticável, com um significativo maior número de sintomas depressivos, quando medidos pela escala de depressão geriátrica, e com uma maior ocorrência de depressão menor. Os padrões de sono e o funcionamento cognitivo, entre sujeitos com TAG, não estavam afetados. A gravidade das doenças físicas não variava entre sujeitos com TAG e os controles normais. A presença de TAG estava associada a um significativo pior padrão de qualidade de vida relativa à saúde. CONCLUSÃO: Em comparação com os estudos prévios, a prevalência de TAG é alta entre a população de idosos mais velhos. Esse transtorno ocorre em freqüente associação com a sintomatologia depressiva e também está associado a um pior padrão de

  6. Vivências de idosos submetidos à prostatectomia por câncer: subsídios para o cuidado de enfermagem = Experiences of elderly people subjected to prostatectomy for cancer: subsidies for the care of nursing

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Stumm, Eniva Miladi Fernandes et al.

    2010-01-01

    Full Text Available O câncer de próstata é o mais incidente na terceira idade. A pesquisa busca apreender vivências de idosos submetidos à prostatectomia por câncer e mecanismos de enfrentamento utilizados para lidar com a situação. É qualitativa, descritiva, com 14 idosos residentes no município de Três Passos – RS. Os instrumentos de coleta de dados foram as observações em diário de campo e a entrevista semiestruturada. Da análise do conteúdo imerso nas falas dos idosos, emergiu uma categoria analítica – o idoso vivenciando e enfrentando o processo de adoecimento por câncer de próstata, subdividida em quatro temas: o conhecimento do diagnóstico de câncer; a aceitação das modalidades de tratamento propostas; a vivência de complicações cirúrgicas e da radioterapia; as estratégias utilizadas pelos idosos para lidar com o câncer. Os resultados desta pesquisa podem contribuir com profissionais, pesquisadores, estudantes da área da saúde, no sentido de refletir e de qualificar a assistência ao idoso com câncer de próstata. Prostate cancer is most incident in the third age. The research searches to learn through the experience of people subjected to prostatectomy due to cancer and mechanisms to deal with the situation. Descriptive is qualitatively, with 14 elderly resident in the city of Três Passos/RS. The data collection instruments were field journaling observation and semi structured interview. Through the analysis of the content immersed in the interview of the elderly emerged an analytical category: The elderly experiencing and addressing the process of getting sick by prostate cancer, subdivided into four themes: knowledge of cancer diagnosis; the acceptance of the proposed treatment modalities; surgical experience complications and radiotherapy. The strategies used by elderly for dealing with cancer. The results of this research can contribute with professionals, researchers, healthcare students in order to reflect and

  7. Fall-related factors among less and more active older outpatients Fatores associados a quedas em pacientes idosos ambulatoriais menos ativos e mais ativos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Monica R. Perracini

    2012-04-01

    Full Text Available BACKGROUND: Fall-related factors in older adults with different levels of physical activity, within a multidimensional approach, have not been widely investigated. OBJECTIVE: To explore fall-related factors among older adults with different physical activity levels. METHODS: A cross-sectional, exploratory study with 118 older adult outpatients. Participants who reported at least one fall in the previous 12 months were considered fallers. The activity level was assessed through the Human Activity Profile. A cutoff of 54 points was used to define the less active group and the more active group. A multidimensional questionnaire and a set of physical functioning tests were applied. RESULTS: Fall prevalence was lower among the more active older adults (47.4% when compared with the less active older adults (71.4% (pCONTEXTUALIZAÇÃO: Fatores relacionados a quedas em idosos com diferentes níveis de atividade física, por meio de uma abordagem multidimensional, não têm sido amplamente investigados. OBJETIVO: Explorar os fatores relacionados a quedas em idosos com diferentes níveis de atividade física. MÉTODOS: Estudo transversal exploratório com 118 pacientes idosos ambulatoriais. Participantes que relataram ao menos uma queda nos últimos 12 meses foram considerados caidores. O nível de atividade física foi avaliado por meio do Perfil de Atividade Humana (PAH. O ponto de corte de 54 pontos foi usado para definir o grupo menos ativo e o grupo mais ativo. Um questionário multidimensional e uma bateria de testes físico-funcionais foram utilizados. RESULTADOS: A prevalência de quedas foi menor no grupo de idosos mais ativos (47,4% quando comparada à dos idosos menos ativos (71,4% (p<0,013. A análise de regressão logística multivariada identificou que, no grupo mais ativo, ter caído estava associado a sintomas depressivos (OR=0,747, IC95%=0,575-0,970; p=0,029, preocupação em cair (OR=1,17, IC95%=1,072-1,290; p=0,001 e velocidade de

  8. Multidimensional evaluation of the elderly undergoing cardiac surgery Evaluación multidimensional de ancianos sometidos a cirugía cardíaca Avaliação multidimensional de idosos submetidos à cirurgia cardíaca

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marinez Kellermann Armendaris

    2012-01-01

    salud, así como también, remite a la necesidad de un abordaje integral en salud que refleje en mejora de su calidad de vida.OBJETIVO: Conhecer aspectos multidimensionais do idoso submetido à cirurgia cardíaca. MÉTODOS: Estudo epidemiológico descritivo, realizado no Instituto de Cardiologia do Distrito Federal-IC/DF. Utilizou-se para a coleta de dados instrumento contendo as variáveis: sócio demográficas, clínicas, scores de avaliação da função cognitiva,capacidade funcional e emocional. Testes do Qui-quadrado e T de Student foram empregados para a análise dos dados. RESULTADOS: Da população total, 64% era do sexo feminino; Idosos não alfabetizados e com formação mínima, somados, representavam 80%.Dislipidemia, e Hipertensão arterial sistólica, foram às doenças crônicas mais prevalentes. Mais de 50% dos idosos apresentaram alterações cognitivas e afetivas, e algum grau de dependência funcional. CONCLUSÃO: Esses resultados apontam para a complexidade do idoso no que se refere á sua condição de saúde, bem como, remete a necessidade de uma abordagem integral em saúde que reflita em melhora de sua qualidade de vida.

  9. Doenças renais em pacientes idosos submetidos à biópsia percutânea de rins nativos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Claudine Maria Jorge de Oliveira

    2010-12-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: Tem ocorrido aumento da população de idosos e estes vêm envelhecendo em melhores condições clínicas do que no passado. Entretanto, a distribuição e evolução das doenças renais nos idosos ainda são pouco conhecidas, em parte devido à resistência em indicar biópsia renal. OBJETIVO: Avaliar a distribuição, a evolução e as características clínicas das nefropatias diagnosticadas por biópsia em pacientes idosos. PACIENTES E MÉTODOS: Foram avaliadas todas as biópsias renais percutâneas de rins nativos. Elas foram realizadas entre janeiro de 1990 e dezembro de 2006 em 71 pacientes com idade mínima de 60 anos (67,3 ± 6,5 anos, sendo 47 do gênero masculino e 24 do feminino. Os pacientes foram agrupados conforme a indicação clínica da biópsia. RESULTADOS: Síndrome nefrótica foi verificada em 35 pacientes (49,3% associada, na maioria dos casos, à nefropatia membranosa (17 casos, seguida por amiloidose e glomeruloesclerose segmentar e focal com 7 casos cada. Hipótese diagnóstica de injúria renal aguda (IRA, com 19 pacientes, teve como principais diagnósticos a necrose tubular aguda (6 casos e a nefropatia do cilindro (3 casos. Dentre os 19 casos, apenas dois tiveram evolução satisfatória, enquanto os demais morreram precocemente ou evoluíram para doença renal avançada. Doze pacientes biopsiados por hematúria ou proteinúria assintomática tiveram diagnósticos variados, mas a maioria já apresentava nefropatia crônica relevante. Biópsia por síndrome nefrítica ocorreu em 5 casos, também com diagnósticos variados. CONCLUSÕES: Síndrome nefrótica foi a principal indicação de biópsia renal com a nefropatia membranosa como diagnóstico mais frequente. Entre os pacientes com IRA e hematúria ou proteinúria assintomática os diagnósticos foram variados com elevadas taxas de nefropatia crônica avançada.

  10. Efeitos da perda auditiva, escolaridade e idade no processamento temporal de idosos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Isabela Mizani da Silva Lima

    2016-02-01

    Full Text Available RESUMO Objetivo: avaliar o efeito da perda auditiva, escolaridade e idade no processamento temporal de idosos. Métodos: foram avaliados 30 idosos, 15 com perda auditiva e baixa escolaridade e (Grupo 1 e 15 com audição normal e maior escolaridade (Grupo 2. Os participantes foram submetidos a avaliação audiológica, triagem cognitiva e avaliação do processamento temporal (resolução e ordenação temporal. Resultados: nota-se que os além da escolaridade os grupos se diferem em relação a idade, os idosos do Grupo 1 são mais velhos (p=0,024 e menos escolarizados (p=0.002. Os idosos do Grupo 1 apresentaram maior limiar e menor porcentagem de reconhecimento de gaps no ruido quando comparados ao desempenho dos idosos do Grupo 2 (GIN Limiar p=0,002; GIN % p=0,005. Os participantes de ambos os grupos apresentaram desempenhos similares na habilidade de ordenação temporal (p=0,691. Nesta amostra houve correlação negativa entre escolaridade e limiar de acuidade temporal (p=0,045, ou seja, quanto maior a escolaridade (em anos menor o limiar de reconhecimento de gaps. Apesar dos grupos serem distintos em relação a faixa etaria, a idade dos idosos não afetou o desempenho para os testes comportamentais do processamento temporal. Conclusão: Idosos com perda de audição e menor escolaridade apresentam maior prejuizo na habilidade de resolução temporal. Não houve correlação da idade com desempenho nos testes temporais.

  11. Satisfaction with the neighborhood environment and health in older elderly: cross-sectional evidence from the Bambuí cohort study of aging Satisfação com a vizinhança e saúde entre idosos mais velhos: análise seccional do estudo de coorte de idosos de Bambuí

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tatiana Chama Borges Luz

    2011-01-01

    Full Text Available In order to investigate the association between satisfaction with the neighborhood environment and self-rated health among older elderly, data from 814 participants of the eleventh wave of the Bambuí Cohort Study of Aging were analyzed using robust Poisson regression analyses. Those elderly with higher satisfaction with their neighborhoods (PR = 0.75; 95%CI: 0.63-0.87 were less likely to report worse self-rated health. The number of chronic diseases (two, PR = 1.69; 95%CI: 1.05-2.70, three or more, PR = 1.99, 95%CI: 1.27-3.13, difficulty in performing daily activities (PR = 1.51; 95%CI: 1.28-1.78, presence of depressive symptoms (PR = 1.68; 95%CI: 1.44-1.95 and frequency of leisure-time exercise in previous 90 days (less than once a week, PR =1.24; 95%CI: 1.03-1.50 were all positively and significantly associated with poor self-rated health. This study provided empirical evidence that satisfaction with the neighborhood environment was associated with the health of the older elderly. The findings further suggest the potential importance of including this indicator in analyses of place and health among the elderly.Para investigar a associação entre a satisfação com a vizinhança e a percepção de saúde entre idosos mais velhos, foram analisados os dados de 814 participantes do 11º seguimento do Estudo de Coorte de Idosos de Bambuí, por meio da regressão de Poisson robusta. Idosos mais satisfeitos com sua vizinhança apresentaram melhor percepção de saúde (RP = 0,75; IC95%: 0,63-0,87. A percepção de saúde foi significativamente pior para idosos com múltiplas condições crônicas (duas, RP = 1,69; IC95%: 1,05-2,70 e três ou mais, RP = 1,99; IC95%: 1,27-3,13, para aqueles com dificuldade de realizar atividades da vida diária (RP = 1,51; IC95%: 1,28-1,78, com sintomas depressivos (RP = 1,68; IC95%: 1,44-1,95 e com menor frequência de exercícios físicos durante os períodos de lazer nos últimos 90 dias (menos que uma vez por

  12. Tendências dos estudos com idosos mais velhos na comunidade: uma revisão sistemática (internacional

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Idiane Rosset

    2011-03-01

    Full Text Available O estudo objetivou identificar e analisar as tendências e tipos de estudos, publicados no país e no exterior, envolvendo idosos >80 anos residentes na comunidade. Realizou-se uma revisão sistemática da literatura nacional nas bases de dados LILACS e SciELO e internacional nas bases PUBMED e EMBASE, nas duas últimas décadas. Selecionaram-se 162 referências internacionais e 12 nacionais. Predominou a área das ciências biológicas, tanto no nível nacional (50% quanto internacional (74,1%. Todos os trabalhos nacionais foram observacionais, sendo 91,7% de estudos transversais. Dentre os internacionais, 93,3% foram observacionais. Destes, 48,1% de estudos transversais e 37,6% de estudos de corte. Os Estados Unidos foram responsáveis por 41,4% do total de publicações internacionais. O Brasil e a China foram os únicos países em desenvolvimento a apresentar produções internacionais. Apesar do significativo aumento no número de produções científicas internacionais a partir de 2005, o mesmo ainda não foi constatado em nível nacional.

  13. Tecnologias desenvolvidas pelas instituições de ensino superior para idosos com deficiência

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hundra Prestes de Godoi

    2017-12-01

    Full Text Available Introdução: Com o aumento do envelhecimento populacional e das Doenças Crônicas Não Transmissíveis é cada vez mais prevalente pessoas idosas com deficiência. Consoante, as instituições formadoras na área da saúde devem preparar os futuros profissionais para estas demandas desenvolvendo oportunidades de aprendizado e novas tecnologias de cuidado. Objetivo: investigar as tecnologias de cuidado ao idoso com deficiência nas Instituições de Ensino Superior (IES que oferecem cursos na área da saúde na região da Grande Florianópolis/SC. Método: pesquisa mista exploratório-descritiva realizada com 26 coordenadores de cursos de saúde das IES da Grande Florianópolis/ de novembro/2016 a abril/2017. Os dados foram coletados mediante questionário estruturado e submetidos à análise temática de conteúdo de Minayo. Os resultados foram discutidos à luz da literatura pertinente. Resultados: dos atendimentos realizados 86% dos cursos o desenvolvem somente para idosos e 59% para idoso com deficiência. Quanto aos projetos de pesquisa e extensão 72,7% dos cursos realizam projetos para pessoas idosas e 50% especificamente para idosos com deficiência. No quesito atividades de lazer 23% dos coordenadores responderam que as realizam para o público idoso e 18% ao idoso com deficiência. Conclusões: a maioria dos cursos de graduação na área da saúde desenvolve tecnologias de cuidado relacionadas ao envelhecimento e deficiências, mas relacioná-los ao currículo, pesquisa e extensão ainda são incipientes, considerando a problemática populacional emergente no Brasil.

  14. Equilíbrio, coordenação e agilidade de idosos submetidos à prática de exercícios físicos resistidos Balance, coordination and agility of older individuals submitted to physical resisted exercises practice

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Andressa da Silva

    2008-04-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Avaliar o equilíbrio, a coordenação e a agilidade dos idosos submetidos a exercícios físicos. MÉTODOS: 61 idosos do gênero masculino, com idades entre os 60-75 anos, designados aleatoriamente para um grupo de exercícios resistidos com carga progressiva (n=39 ou para um controle submetido a exercícios sem carga (n=22. O grupo exercício resistido participou de um programa de 24 semanas, com 3 visitas por semana, em dias não consecutivos. Foram avaliados após o término do treinamento, pela Escala de Equilíbrio de Berg, do Teste de Tinetti e do Timed UP & GO. RESULTADOS: Comparando-se os dois grupos verificou-se um melhor desempenho estatisticamente significativo para o grupo experimental em relação ao controle para os testes Timed "Up & Go". (p=0,02 e para o Tinetti Total (p=0.046 e para o Tinetti marcha (p=0.029. Desta forma, não encontramos diferença na Escala de Equilíbrio de Berg e no teste de Tinetti equilíbrio. CONCLUSÃO: O programa de treinamento de força durante 24 semanas mostrou-se favorável na melhora dos desempenhos funcional e motores de idosos.OBJECTIVES: To evaluate balance, coordination and agility of older subjects submitted to physical exercise. METHODS: 61 male older subjects, aged between 60-75 years, randomly assigned to a resisted exercises with gradual load (n=39 group or to a control group submitted to exercise without load (n=22. The resisted exercise group participated in a 24 week-program, with 3 weekly visits, in not consecutive days. After the training ending, they were evaluated through the Berg Balance Scale and the Tinetti and Timed UP & GO tests. RESULTS: Comparing the two groups, better statistical significant performance was verified for the experimental group for the Timed "Up & Go" (p=0.02, for the Total Tinetti (p=0.046 and for the Tinetti gait tests (p=0.029. Therefore, we did not find difference in the Berg Balance Scale or in the Tinetti balance test. CONCLUSION: The

  15. Significados atribuídos ao envelhecimento: idoso, velho e idoso ativo Meanings assigned to aging: elderly, old and active elderly

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Olívia Galvão Lucena Ferreira

    2010-12-01

    Full Text Available O presente estudo teve como objetivo apreender os significados atribuídos ao envelhecimento elaborados por idosos funcionalmente independentes. Utilizando o aporte teórico das representações sociais, tratou-se de priorizar as falas dos participantes, a fim de salientar as dimensões simbólicas acerca do envelhecimento. O estudo foi realizado na Unidade de Saúde da Família (USF localizada no bairro Alto do Mateus, na cidade de João Pessoa, PB. A amostra foi constituída por 100 idosos funcionalmente independentes, com idades entre 60 e 93 anos. Como instrumentos para a coleta de dados foram utilizados o MIF e o Teste de Associação Livre de Palavras, sendo os resultados submetidos à análise do software Tri-Deux-Mots. Com base nos resultados, observou-se que os estímulos idoso e velho foram associados a aspectos com conotações mais negativas. No entanto, para o estímulo idoso ativo, embora existissem as conotações negativas, os significados positivos foram mais enfocados pelos idosos investigados.This present study intended to understand the representations produced by a group of functionally independent aged people about the ageing process. Starting from the theoretical principles of social representations, priority was given to the participants' speech in order to stress the symbolical dimensions about ageing. The study was carried out at a family health unit in "Alto do Mateus", a suburban area of "João Pessoa", "Paraíba". The sample included 100 functionally independent aged persons, from 60 to 93 years old. Data were collected through the "MIF" and the test of Free Association of Words; and the results were analyzed by means of the "Tri-Deux-Mots" software. The results showed that the aged and the old stimuli were connected with aspects of more negative connotation. However, for the "active elderly" stimulus, though the negative connotation still subsisted, the positive significations showed more evidence among the aged

  16. Fontes de apoio social a idosos portadores de doença pulmonar obstrutiva crônica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Danyelle Almeida de Andrade

    2013-03-01

    Full Text Available Este trabalho objetivou identificar e estimular fontes de apoio social a idosos portadores de doença pulmonar obstrutiva crônica. Pautado por uma análise qualitativa e com caráter intervencionista, foi realizado através de quatro oficinas, que foram gravadas e posteriormente transformadas em corpus de discursos submetidos à análise categorial temática de conteúdo. A amostra foi composta por sete idosos (seis homens e uma mulher com média de idade de 70 anos. As temáticas mais recorrentes foram: queixas advindas das limitações impostas pela doença, isolamento e dependência funcional e estímulo das fontes de apoio social. Apesar de a família e os médicos terem sido identificados como as principais fontes de apoio, as dificuldades acarretadas pela enfermidade e o sentimento de incapacidade dificultavam as relações com os familiares e/ou cuidadores e o estabelecimento de novas redes sociais. As oficinas proporcionaram trocas de experiências entre os idosos, desenvolvendo vínculos e promovendo apoio social.

  17. Mai Suya

    African Journals Online (AJOL)

    study involving mai suya and workers who are not exposed to wood smoke and oil fumes .... cofounding effect of smoking on respiratory tract and because the two ... suyas who are non smokers was also apparent in the trend analysis as ...

  18. Estudo comparativo entre o trauma em idosos e não idosos atendidos em um Hospital Universitário de Curitiba

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    César Augusto Broska Júnior

    Full Text Available OBJETIVO: comparar e identificar diferenças no perfil de pacientes idosos e não idosos atendidos por trauma. MÉTODOS: estudo transversal comparativo quantitativo retrospectivo realizado com 3112 pacientes entre 25/11/2010 e 25/02/2011 que foram classificados em GI idosos (60 anos ou mais e GA não idosos (13 a 59 anos. Foram coletadas informações sobre mecanismo, lesões e fatores associados ao acidente que foram comparados entre os grupos através da utilização dos testes χ2, t de Student e proporções. RESULTADOS: as quedas foram mais frequentes em GI em destaque as de própria altura enquanto que violência, quedas e acidentes de trânsito (em especial os com moto foram os mais importantes em GA. Ambos os grupos possuíram traumas leves (contusões, entorses como os mais frequentes, seguido por traumatismo crânio-encefálico (TCE e fraturas. Nos membros inferiores as fraturas de fêmur foram mais comuns em idosos enquanto que fraturas de mão e punho nos não idosos. Os idosos ficaram menos dias internados e não houve diferença quanto a presença de complicações, necessidade de UTI ou mortalidade entre os grupos. CONCLUSÃO: Quedas de mesmo nível são mais frequentes em idosos e acidentes de moto, violência interpessoal em não idosos. Ambos os grupos apresentaram traumas superficiais, TCE e fraturas como principais lesões decorrentes do trauma. Os idosos ficaram menos dias internados. Não houve diferença quanto a necessidade de UTI, presença de complicações e mortalidade.

  19. Perfil cognitivo de idosos residentes em Instituições de Longa Permanência de Brasília-DF

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luzia Sousa Ferreira

    2014-04-01

    Full Text Available O envelhecimento expõe os indivíduos a uma série de limitações, como a capacidade física, nutricional e cognitiva, as quais podem leválos a internação em Instituições de Longa Permanência. Neste estudo, objetivou-se avaliar o perfil cognitivo de idosos institucionalizados por meio de três instrumentos. Sessenta idosos institucionalizados em Instituições de Longa Permanência foram submetidos à avaliação dos instrumentos Mini Exame do Estado Mental (MEEM, Teste de Trilha A e a Escala de Demência (CDR. Verificou-se que o percentual de idosos com perda cognitiva por meio do MEEM foi de 30% da amostra, sendo mais prevalente em mulheres (36,2% de perda cognitiva, quando comparado aos homens (7,7% de perda cognitiva. Não houve consistência entre os resultados verificados por meio do MEEM com os demais instrumentos testados.

  20. Para um perfil do idoso-andarilho

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Claudia Lysia de Oliveira Araújo

    2012-01-01

    Full Text Available O termo envelhecimento é frequentemente empregado para descrever as mudanças morfofuncionais que ocorrem ao longo da vida humana, após a maturação sexual e que, progressivamente, comprometem a capacidade de resposta dos indivíduos ao estresse ambiental e à manutenção da homeostasia. Na condição de pessoas em envelhecimento avançado e de vida fragilizada, são encontrados muitos idosos-andarilhos por estradas e ruas das cidades brasileiras. Definimos aqui andarilho como a pessoa que vive fora do lar, em um cotidiano muito simples, miserável até, afastado de relações familiares e sociais mais próximas, distanciados do sentido de uma vida dita normal. A falta deste sentido de vida, a que se alia o preconceito da sociedade, têm sido fatores que levam à estigmatização desses idosos abandonados, fazendo-os a acreditar que a rua é o único lugar que lhes resta para viver. O objetivo deste estudo foi conhecer os motivos que conduzem um idoso a se tornar andarilho, tendo sido realizado nos albergues das cidades do Vale do Paraíba, no Estado de São Paulo. O universo desta experiência foram alguns idosos sem moradia, independentemente de gênero. Identificamos, neste estudo, os idosos encontrados não por seus nomes reais, mas por meio da denominação dada a pedras preciosas. Eles relataram ter profissão, embora vivam sós, perambulando pelas ruas das citadas regiões urbanas. Quanto aos problemas de saúde, os idosos aqui entrevistados referiram alguma patologia, ainda que nenhum deles fizesse tratamento ou visitasse médico regularmente, por não disporem de documentos. Os relatos desses idosos-andarilhos apontam para uma condição de sobrevivência fragilizada, comprometida por se tornarem muito vulneráveis, susceptíveis a agressões externas, o que agudiza cada vez mais sua exclusão familiar e social. Por fim, verifica-se que eles ainda sonham em voltar ao lar e recomeçar a vida ao lado da própria família.

  1. O Idoso residente em ILPI (Instituição de Longa Permanência do Idoso e o que isso representa para o sujeito idoso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Carla Nunes de Souza Costa

    2013-12-01

    Full Text Available Existem termos bem conhecidos para definir o tipo de residência para uma pessoa idosa, dentre eles, Asilo, Casa de Repouso, Abrigo, Instituição de Longa Permanência. Atualmente o termo mais utilizado é ILPI - Instituição de Longa Permanência do Idoso. Este último utilizado não como simples sinônimo de Asilo, mas é termo que implica uma nova organização e gestão de moradia para idosos. Este artigo tem como proposta discutir a velhice abrigada em moradia coletiva, fundamentalmente a do idoso residente em ILPI, e o que representa para esse sujeito o fato de residir nesse tipo de instituição. Para entender o morar do idoso em uma ILPI, buscamos primeiramente entender questões relacionadas à velhice em suas formas mais diversas, como por exemplo, o significado de ser velho em nossa sociedade, ligado a uma construção sociocultural, o corpo como revelador da velhice, e a memória como sustentadora da identidade. Para entender uma ILPI, pesquisamos um pouco sobre a história desse tipo de instituição, de como atualmente ela é interpretada pelas Ciências Sociais e pela Gerontologia, enfatizando seu cotidiano e buscando compreender novas formas de organizações para o morar do idoso.

  2. Consumo de medicamentos por idosos, Goiânia, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Thalyta Renata Araújo Santos

    2013-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar o padrão de consumo de medicamentos entre idosos e sua associação com aspectos socioeconômicos e autopercepção de saúde. MÉTODOS: Estudo de base populacional e delineamento transversal com 934 idosos de Goiânia, GO, Brasil, entre dezembro de 2009 e abril de 2010. Os dados foram coletados por meio de questionário. As variáveis estudadas foram: número de medicamentos consumidos, sexo, estado civil, escolaridade, tipo de moradia, idade, renda e autopercepção de saúde. Os medicamentos foram classificados segundo o Anatomical Therapeutic and Chemical Classification. Os medicamentos impróprios para idosos foram identificados segundo o Critério de Beers-Fick. Os testes utilizados foram Qui-quadrado (X² e exato de Fisher e p foi considerado significativo quando < 0,05. RESULTADOS: Os idosos consumiam 2.846 medicamentos (3,63 medicamentos/idoso. Os mais usuais atuavam no aparelho cardiovascular (38,6%. A prevalência de polifarmácia foi de 26,4% e da automedicação de 35,7%. Os medicamentos mais ingeridos por automedicação foram os analgésicos (30,8%; 24,6% dos idosos consumia medicamento considerado impróprio. Mulheres, viúvos, idosos com 80 anos ou mais e com pior autopercepção de saúde praticavam mais a polifarmácia. A maior prática da automedicação esteve associada com menor escolaridade e pior autopercepção de saúde. CONCLUSÕES: O padrão do consumo de medicamentos por idosos foi semelhante ao encontrado em idosos de outras regiões do Brasil. O número de medicamentos usados, a prevalência das práticas da polifarmácia e automedicação e consumo de medicamentos impróprios estiveram dentro da média nacional.

  3. Trauma no idoso Trauma in the elderly

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    JOSÉ ANTONIO GOMES DE SOUZA

    2002-03-01

    Full Text Available O crescimento populacional de idosos, associado a uma forma de vida mais saudável e mais ativa, deixa este grupo de pessoas mais exposto ao risco de acidentes. Em alguns países, o trauma do idoso responde por uma elevada taxa de mortalidade, a qual se apresenta de forma desproporcionalmente maior do que a observada entre a população de adultos jovens. Tal fato acarreta um grande consumo de recursos financeiros destinados à assistência da saúde e um elevado custo social. As características fisiológicas próprias do idoso, assim como a presença freqüente de doenças associadas, faz com que estes pacientes se comportem diferentemente e de forma mais complexa do que os demais grupos etários. Estas particularidades fazem com que o atendimento ao idoso vítima de trauma se faça de forma diferenciada. A presente revisão aborda aspectos da epidemiologia, da prevenção, da fisiologia, do atendimento e da reabilitação do idoso vítima de trauma.The populational growth of the elderly, associated to a healthier and more active life, make this group of people more exposed to accidents. In some countries, trauma in the elderly is responsible for a high mortality rate, desproportionately higher than in the adults. This fact consumes a great portion of health care resources and implies in a high social cost. The distinct physiologic characteristics of the elderly and the frequent presence of associated diseases make that these patients behave diferently and in a more complex way than patients of other ages. These particularities make that health care to the elderly victims of trauma have to be different. The present revision is about aspects of epidemiology, prevention, physiology, health care and reabilitation of the elderly victims of trauma.

  4. Burnout em cuidadores formais de idosos

    OpenAIRE

    Meireles, Sandra Cristina da Silva

    2016-01-01

    O Síndrome de Burnout é, na atualidade, uma das consequências mais marcantes do stress profissional, pelo que se revela importante a investigação acerca da mesma, sobretudo nos denominados grupos de risco, como é o caso dos cuidadores formais de idosos institucionalizados. Com o objetivo de estudar os níveis de Burnout nos colaboradores de uma estrutura residencial, desenhou-se um estudo descritivo, analítico de caráter transversal, com recurso à metodologia quantitativa, te...

  5. Influência dos determinantes do envelhecimento ativo entre idosos mais idosos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosimeri Geremias Farias

    2012-01-01

    Full Text Available Estudio cuantitativo, transversal, exploratorio, descriptivo, cuyo objetivo fue averiguar el envejecimiento activo, según sus determinantes, entre los ancianos más viejos en un municipio del interior de Santa Catarina. La obtención de los datos se realizó entre Julio y Agosto del 2009, através de entrevistas con 87 ancianos con 80 años o más, de ambos sexos. Se utilizó check-list elaborada de los determinantes del envejecimiento activo. Hicieron análisis descriptivos, medidas descriptivas de centralidad y dispersión. Los resultados mostraron una paridad de géneros, que las personas eran, mayormente, de raza blanca, católicos, con bajo salario y escolaridad. Aun estando jubilados, el 60,92% continúa ejerciendo actividades laborales; 70,11% posee casa propia; 48,28% frecuenta ambientes colectivos; 81,61% está satisfecho con su vida y 48,28% no depende de cuidador. Se concluye que aunque no alcanzaron todos los determinantes del envejecimiento activo, estos ancianos mantienen su independencia y autonomia, garantizando su cualidad de vida.

  6. Chiang Mai transit

    DEFF Research Database (Denmark)

    Ribeiro, Gustavo; Neitmann, Charlotte

    2002-01-01

    Urban development of Chang Mai, Thailands second largest city, seen in relation to its tourist based economy.......Urban development of Chang Mai, Thailands second largest city, seen in relation to its tourist based economy....

  7. Ressignificação da vida do cuidador do paciente idoso com câncer

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Anna Cláudia Yokoyama dos Anjos

    2014-10-01

    Full Text Available O estudo objetivou analisar o processo de tornar-se cuidador de idoso com câncer, submetido a quimioterapia, no contexto domiciliar. Estudo exploratório, com orientação teórico-metodológica da antropologia interpretativa e estudo de caso etnográfico. Os dados foram coletados de janeiro a setembro de 2009, com quatro cuidadores, por entrevistas semiestruturadas, observação e consulta em prontuários. Com a analise dos dados foram construídas quatro unidades de significação. Apresentamos neste artigo a unidade temática "A ressignificação da vida do cuidador", composta por aspectos positivos da atividade de cuidar e de ajudar a superar dificuldades, como união, solidariedade, oportunidade de reaproximação. As dificuldades foram mais evidentes, principalmente pelo despreparo para cuidar em domicilio, que levou a transformações nas relações familiares e sociais do cuidador, resultando em comprometimento dos aspectos físicos, emocionais e sociais. O enfermeiro, como agente do cuidar, deve prover qualificação adequada ao cuidador, auxiliando-o no enfrentamento da doença e na melhoria da relação cuidador-paciente-serviço.

  8. Causas e conseqüências de quedas de idosos atendidos em hospital público

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabrício Suzele Cristina Coelho

    2004-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Investigar a história da queda relatada por idosos, identificando fatores possivelmente relacionados, assim como local de ocorrência, causas e conseqüências. MÉTODOS: A amostra da investigação constou de 50 idosos, de ambos os sexos, com idade de 60 anos ou mais, residentes em Ribeirão Preto, SP, que haviam sido atendidos em duas unidades de um hospital público. Foram consultados prontuários e realizadas visitas domiciliares para aplicação de um questionário estruturado com perguntas abertas, fechadas e mistas relativas à queda. RESULTADOS: Os dados obtidos mostraram uma realidade que não difere substancialmente daquela encontrada em outros países. A maioria das quedas ocorreu entre idosos do sexo feminino (66%, com idade média de 76 anos, no próprio lar do idoso (66%. As causas foram principalmente relacionadas ao ambiente físico (54%, acarretando sérias conseqüências aos idosos, sendo as fraturas as mais freqüentes (64%. A queda teve grande impacto na vida do idoso no que se refere às atividades da vida diária. Provocou maior dependência para a realização de atividades como: deitar/levantar-se, caminhar em superfície plana, cortar unhas dos pés, tomar banho, caminhar fora de casa, cuidar das finanças, fazer compras, usar transporte coletivo e subir escadas. CONCLUSÕES: O estudo demonstrou que a queda ocorrida entre os idosos traz sérias conseqüências físicas, psicológicas e sociais, reforçando a necessidade de prevenção da queda, garantindo ao idoso melhor qualidade de vida, autonomia e independência.

  9. Causas e conseqüências de quedas de idosos atendidos em hospital público

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Suzele Cristina Coelho Fabrício

    2004-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Investigar a história da queda relatada por idosos, identificando fatores possivelmente relacionados, assim como local de ocorrência, causas e conseqüências. MÉTODOS: A amostra da investigação constou de 50 idosos, de ambos os sexos, com idade de 60 anos ou mais, residentes em Ribeirão Preto, SP, que haviam sido atendidos em duas unidades de um hospital público. Foram consultados prontuários e realizadas visitas domiciliares para aplicação de um questionário estruturado com perguntas abertas, fechadas e mistas relativas à queda. RESULTADOS: Os dados obtidos mostraram uma realidade que não difere substancialmente daquela encontrada em outros países. A maioria das quedas ocorreu entre idosos do sexo feminino (66%, com idade média de 76 anos, no próprio lar do idoso (66%. As causas foram principalmente relacionadas ao ambiente físico (54%, acarretando sérias conseqüências aos idosos, sendo as fraturas as mais freqüentes (64%. A queda teve grande impacto na vida do idoso no que se refere às atividades da vida diária. Provocou maior dependência para a realização de atividades como: deitar/levantar-se, caminhar em superfície plana, cortar unhas dos pés, tomar banho, caminhar fora de casa, cuidar das finanças, fazer compras, usar transporte coletivo e subir escadas. CONCLUSÕES: O estudo demonstrou que a queda ocorrida entre os idosos traz sérias conseqüências físicas, psicológicas e sociais, reforçando a necessidade de prevenção da queda, garantindo ao idoso melhor qualidade de vida, autonomia e independência.

  10. O sistema respiratório e o idoso: implicações anestésicas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernandes Cláudia Regina

    2002-01-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: As complicações respiratórias são responsáveis por grande parte dos óbitos após procedimentos cirúrgicos que ocorrem na população geriátrica. O envelhecimento causa importante diminuição da reserva funcional do sistema respiratório, e um número crescente de pacientes idosos está sendo submetido a procedimentos cada vez mais complexos. O objetivo deste trabalho é revisar o sistema respiratório durante o processo de envelhecimento, as alterações causadas pela anestesia no idoso, enfatizando a avaliação pré-operatória da função respiratória, complicações pulmonares pós-operatórias e detalhes do manuseio anestésico. CONTEÚDO: São apresentadas as alterações respiratórias fisiológicas do envelhecimento. São enfatizadas as alterações de volume e capacidades pulmonares, da mecânica respiratória e de trocas gasosas proporcionadas pela anestesia. São abordados aspectos relativos à morbimortalidade pulmonar pós-operatória em geriatria, destacando-se a importância da adequada avaliação pré-operatória, considerando-se desde testes de esforço até testes específicos que quantificam a reserva funcional pulmonar. São discutidas técnicas anestésicas apropriadas em idosos. CONCLUSÕES: O envelhecimento é acompanhado de alterações no sistema respiratório. Evidências demonstram que mesmo na ausência de pneumopatia, a idade avançada constitui fator de risco para complicações pulmonares no pós-operatório. Deve haver preocupação com adequada avaliação pré-operatória da função respiratória, apropriado manuseio anestésico e cuidados pós-operatórios específicos.

  11. The functional assessment Berg Balance Scale is better capable of estimating fall risk in the elderly than the posturographic Balance Stability System A avaliação funcional Berg Balance Scale é capaz de estimar melhor o risco de quedas em idosos do que a posturografia Balance Stability System

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vanessa Vieira Pereira

    2013-01-01

    Full Text Available The purpose of this study was to verify which instrument better identifies recurrent falls in the elderly. Ninety-eight old people, with an average age of 80±4 years, were submitted to an assessment of balance and fall risk by means of the Berg Balance Scale (BBS and the posturographic Balance Stability System (BSS. The BBS was correlated with the BSS (r=-0.27; p=0.008, age (r=-0.38; pA proposta do estudo foi verificar o instrumento que melhor identifica o risco de quedas recorrentes em idosos. O estudo incluiu 98 idosos, com média de idade de 80±4 anos, submetidos à avaliação do equilíbrio e risco de quedas por meio da Berg Balance Scale (BBS e da posturografia Balance Stability System (BSS. A BBS foi correlacionada com a BSS (r=-0,27; p=0,008, com a idade (r=-0,38; p<0,001 e com o número de quedas (r=-0,25; p=0,013. A análise de regressão logística mostrou que idosos classificados com risco de quedas na BBS apresentaram 2,5 (95%IC 1,08-5,78 mais chances de identificar quem teve duas quedas ou mais no último ano. A BBS identificou que quanto maior a idade pior é o equilíbrio funcional e demonstrou maior capacidade de identificar o risco de quedas sofridas no último ano quando comparada a BSS.

  12. Avaliação da farmacoterapia prescrita a idosos institucionalizados

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francieli Nogueira Smanioto

    2013-08-01

    Full Text Available Estudo transversal, quantitativo, descritivo e exploratório, que objetivou avaliar o perfil e a qualidade da farmacoterapia prescrita a idosos residentes em instituições de longa permanência situadas em Londrina-PR. A população foi constituída por 203 idosos, com predominância do sexo feminino e média de idade de 76,4 anos. Verificou-se que 97,0% da população fazia uso de algum medicamento. Foram prescritos 151 princípios ativos diferentes, com média de 5,3 princípios ativos prescritos por idoso. Dos indivíduos pesquisados 59,9% foram submetidos à polifarmácia. Quanto a possíveis interações medicamentosas, foi detectada a ocorrência de 359, e 58,1% dos idosos estavam expostos a estes eventos. Verificou-se que foi prescrito ao menos um medicamento de categoria imprópria a 58,1% dos idosos que faziam uso de medicamentos.

  13. Principais sensibilizantes em pacientes idosos e não idosos com dermatite de contato = Main allergens in elderly and non-elderly patients with contact dermatitis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Calamita, Zamir

    2016-01-01

    Conclusões: A taxa de positividade do patch test entre os pacientes com dermatite de contato foi alta, não havendo diferença entre idosos e não idosos, sendo o sulfato de níquel e o perfume mix as substâncias mais sensibilizantes. Na investigação etiológica da dermatite de contato deve-se pensar principalmente na possibilidade de sensibilização aos perfumes e ao níquel, independentemente da faixa etária

  14. Perfil clínico-angiográfico na doença arterial coronariana: desfecho hospitalar com ênfase nos muito idosos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Micheli Zanotti Galon

    2010-10-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Conhecer fatores de risco e manifestações clínicas da doença arterial coronariana (DAC permite-nos intervir de maneira mais eficaz junto a uma determinada população. OBJETIVO: Identificar perfis clínicos e angiográficos dos pacientes submetidos a cateterismo cardíaco, atendidos em um hospital terciário e tratados por meio de intervenções coronarianas percutâneas (ICP. MÉTODOS: Casuística de 1.282 pacientes submetidos a 1.410 cateterismos cardíacos, selecionados de mar/2007-mai/2008 em um banco de dados de um hospital geral para diagnóstico de doença arterial coronariana (DAC. Fatores de risco, indicação do exame, detalhes técnicos da ICP e desfechos intra-hospitalares foram prospectivamente coletados. RESULTADOS: Foram 688 (54,0% pacientes do sexo masculino, com média de idade de 65,4 ± 10,9 anos, sendo 20,0% acima dos 75 anos. O quadro clínico confirmado com mais frequência foi o de síndrome coronariana aguda (SCA sem supradesnivelamento do segmento ST (SST (38,7%. A DAC multiarterial ocorreu em 46,4%, foi indicada ICP em 464 pacientes, sendo tratadas 547 lesões-alvo (tipo B2 ou C, em 86,0%, sendo destas, 14,0% tratadas com stent farmacológico. Dentre os IAM com SST, ICP primária foi realizada em 19,0% dos pacientes, sendo que, destes, 77,0% foram transferidos dos hospitais de origem tardiamente (ICP tardia e não receberam trombolítico prévio, e 4,0% realizaram ICP de resgate. Foi obtido sucesso angiográfico em 94,2% das ICPs. Aconteceu óbito em 5,6% dos pacientes, tendo estes uma média de idade de 75,2 ± 10,2 anos. CONCLUSÃO: Observamos predomínio de idosos (estando 20,1% > 75 anos e do sexo masculino. Dos fatores de risco para DAC, os mais frequentes foram hipertensão arterial sistêmica e dislipidemia. Ocorreu predomínio da SCA. A idade > 75 anos, DAC multiarterial e a insuficiência renal crônica foram os preditores de óbito intra-hospitalar.

  15. Avaliação da influência de alterações cardíacas na ultrassonografia vascular periférica de idosos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alcides José Araújo Ribeiro

    Full Text Available Resumo Contexto As cardiopatias podem causar alterações no formato das ondas da ultrassonografia vascular (UV em vasos periféricos. Essas alterações, tipicamente bilaterais e sistêmicas, são pouco conhecidas e estudadas. Objetivo Avaliar as ondas periféricas da UV de pacientes idosos para identificar alterações decorrentes de cardiopatias. Métodos Foram estudados 183 pacientes idosos submetidos a UV periférica no ano de 2014. Resultados Foram avaliados 102 mulheres (55,7% e 81 homens (44,3% com idade entre 60 e 91 anos (média de 70,4±7,2 anos. Encontraram-se alterações pela UV em 84 pacientes (45,9%. Foram identificadas 138 alterações de oito dos 13 tipos descritos na literatura: arritmia, onda bisferiens de pico sistólico, baixa velocidade de pico sistólico, pulsatilidade em veias femorais, bradicardia, taquicardia, onda de pulso parvus tardus e onda de pulso alternans. Houve baixa concordância entre a presença e a não presença de alterações na UV e na avaliação cardiológica. Na análise específica das alterações, os exames tiveram uma concordância variável, que foi boa para o achado de taquicardia, moderada para arritmia e baixa para bradicardia. Não houve concordância entre a UV e os exames cardiológicos para as demais alterações. Conclusões É possível identificar determinadas alterações cardíacas em idosos por meio da análise do formato das ondas periféricas da UV. É importante reconhecer e relatar a presença dessas alterações, pela possibilidade de alertar para um diagnóstico ainda não identificado nesses pacientes. Entretanto, mais estudos são necessários para que seja definida a importância das alterações no formato das ondas Doppler periféricas no reconhecimento de cardiopatias.

  16. A vivência afetiva em idosos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Érika Arantes de Oliveira

    Full Text Available Objetivou-se analisar a vivência afetiva em idosos asilados (A e não asilados (NA a partir de dois grupos de 25 mulheres com mais de 60 anos. Utilizou-se entrevista semi-estruturada sobre história de vida e Teste de Pfister, sendo que A e NA apontaram idealização da infância e da velhice e qualificação negativa da juventude. Na fase adulta, os asilados referiram vivência mais negativa. O Pfister sinalizou, em ambos os grupos, preservação do funcionamento lógico e afetivo, mas certa ansiedade. Inexistiu diferença significativa entre A e NA, sugerindo que a institucionalização não dificulta, necessariamente, o vivenciar saudável da velhice, apontando direção para intervenções terapêuticas com esta população.

  17. Fatores associados com a qualidade de vida de homens idosos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Darlene Mara dos Santos Tavares

    2013-06-01

    Full Text Available Inquérito domiciliário, transversal e analítico que objetivou descrever as características sociodemográficas, de saúde e a qualidade de vida de homens idosos e verificar os fatores socioeconômicos e de saúde associados à qualidade de vida. Participaram 804 homens idosos. Os dados foram coletados pelos instrumentos: Older Americans Resources and Services(OARS, World Health Organization Quality of Life - Bref (WHOQOL-BREF e Health Organization Quality of Life Assessment for Older Adults(WHOQOL-OLD. Foram realizados análise descritiva, teste t-Student, correlação de Pearson e regressão linear múltipla (p <0,05. Predominaram idosos com 60├ 70 anos, casados, 4├ 8 anos de estudo e renda de um salário mínimo. Os menores escores de qualidade de vida foram no domínio físico e na faceta autonomia e estiveram associados a ausência de companheira e de escolaridade, baixa renda, maior número de morbidades e incapacidade funcional. A incapacidade funcional foi o que mais influenciou a qualidade de vida, excetuando-se o domínio físico e a faceta intimidade.

  18. Prevalência de transtornos oculares na população de idosos residentes na cidade de Veranópolis, RS, Brasil Prevalence of ocular diseases in a population of elderly residents of the city of Veranópolis, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Flávio Antônio Romani

    2005-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar os transtornos oculares e a sua prevalência em pessoas com 80 anos de idade, ou mais, na cidade de Veranópolis, Rio Grande do Sul, Brasil. MÉTODOS: 187 idosos foram submetidos a exame oftalmológico por meio de inspeção externa, motilidade extrínseca, medidas de acuidade visual para longe e perto, tonometria de aplanação, biomicroscopia, cicloplegia, fundoscopia direta e esquiascopia estática. RESULTADOS: As doenças mais prevalentes foram: presbiopia em 173 (92,5% pacientes, catarata em 160 (85,6%, ectrópio senil em 130 (69,5%, hipermetropia em 130 (69,5% e a degeneração macular relacionada à idade (DMRI em 59 (31,5%. Na população estudada, 85 (45,4% pacientes apresentaram baixa visual acentuada cujas causas principais eram a catarata em 46 (54,1% e erros de refração em 16 (18,9% dos idosos. A principal causa de queixas dos idosos foi relacionada com a presença de ectrópio senil. CONCLUSÃO: Doenças comuns como a catarata e os erros de refração continuam a ser um desafio para os oftalmologistas, pois são importantes causas de dificuldade visual nos idosos, com conseqüente perda de qualidade em suas vidas.ABSTRACT PURPOSE: To evaluate the prevalence of diseases of the eye in a population aged 80 years and above in the city of Veranopolis, Rio Grande do Sul, Brazil. METHODS: 187 elderly people were submitted to ophthalmologic tests including external inspection, ocular motility examination, visual acuity determination for near and far distance, applanation tonometry, biomicroscopy, cyclopegia, direct fundus examination and static skiascopy. RESULTS: The most prevalent disease was presbyopia in 173 (92,5% patients, cataract in 160 (85,6%, age-related ectropion in 130 (69,5%, hypermetropia in 130 (69,5% and age-related macular degeneration (ARMD in 59 (31,5% patients. 85 (45,4% patients presented marked low vision whose main causes were cataract in 46 (54,1% and refractive error in 16 (18,9% of the studied

  19. Posturografia em idosos com distúrbios vestibulares e quedas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Camila Macedo

    2013-05-01

    Full Text Available Introdução: A posturografia estática e dinâmica tem sido usada para analisar a habilidade de idosos com disfunção vestibular em manter o equilíbrio corporal em diferentes condições de conflitos sensoriais. O objetivo do exame é quantificar a velocidade de oscilação e o deslocamento do centro de pressão nas condições de conflitos visual, somatossensorial e interação visuo-vestibular, e o limite de estabilidade. Objetivo: Analisar a literatura referente ao controle do equilíbrio corporal em idosos com distúrbios vestibulares por meio de posturografia computadorizada estática e dinâmica. Métodos: Revisão nas bases de dados LILACS, EMBASE, MEDLINE, Scielo, Cochrane, ISI Web of Knowledge e bibliotecas virtuais de teses e dissertações, utilizando as palavras-chave “Idoso”, “Equilíbrio Postural”, “Avaliação”, “Controle Postural”, “Quedas”, “Posturografia”, “Vestibular” e/ou “Tontura” de publicações dos últimos vinte anos. Resultados: Há vários modelos de posturografias que mensuram as respostas posturais e o risco de quedas em indivíduos idosos, perante os diferentes estímulos sensoriais, incluindo a tecnologia de realidade virtual. Os idosos com desequilíbrio corporal, tontura, e/ou com histórico de quedas apresentam pior desempenho que idosos sem queixas, sem histórico de quedas e indivíduos mais jovens. Conclusão: A posturografia é uma valiosa ferramenta para análise quantitativa do controle postural, permitindo a identificação das condições sensoriais nas quais os idosos vestibulopatas apresentam maior instabilidade.

  20. Inquérito epidemiológico em saúde bucal e fatores psicossociais em idosos: um estudo piloto = Epidemiological survey on oral health and psychosocial factors in the elderly: a pilot study

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Silva, Rafael Menezes

    2015-01-01

    Full Text Available Objetivos: Realizar um levantamento epidemiológico da saúde bucal e fatores psicossociais associados abrangendo indivíduos com idade igual ou superior a 60 anos. Métodos: Trata-se de um estudo transversal, com a população-alvo constituída de idosos. Foi selecionada uma amostra representativa do município de Diamantina, estado de Minas Gerais, composta por pessoas com mais de 60 anos, cadastradas nos postos da Estratégia Saúde da Família da zona rural e urbana do município. Os dados foram coletados em domicílio, por meio de exames bucais realizados por um único examinador, treinado e calibrado, e de questionários. Foi investigado o índice CPOD (média de dentes cariados, perdidos e obturados em um grupo de indivíduos, assim como dados sociodemográficos. Também foram obtidos dados sobre qualidade de vida relacionada à saúde bucal, locus de controle de saúde, consumo de álcool e drogas na senescência. Os dados obtidos foram submetidos à análise descritiva e ao teste de correlação de Spearman. O nível de significância adotado foi de =5%. Resultados: Foram entrevistados 37 idosos com idade média de 73,41±7,25 anos. O índice CPOD encontrado foi de 25,38±5,18. Houve correlação estatisticamente significante entre maior pontuação no domínio limitação funcional e maior idade, maior locus externo e maior locus ao acaso, aumento na limitação funcional e diminuição da renda, maior pontuação no domínio limitação funcional e maior locus interno, maior índice CPOD e menor pontuação no domínio incapacidade social. Conclusões: Pelo presente estudo concluiu-se que a qualidade de vida, locus de controle de saúde e índice CPOD são fatores diretamente correlacionados em idosos. Enfatiza-se a importância da atuação de profissionais de saúde e, mais especificamente, de saúde bucal, na promoção de um envelhecimento saudável

  1. Avaliação da influência de alterações cardíacas na ultrassonografia vascular periférica de idosos

    OpenAIRE

    Ribeiro, Alcides José Araújo; Ribeiro, Andréa Campos de Oliveira; Rodrigues, Márcia Marisia Maciel; Negreiros, Sandra de Barros Cobra; Nogueira, Ana Cláudia Cavalcante; Almeida, Osório Luís Rangel; Silva, José Carlos Quináglia e; Paula, Ana Patrícia de

    2016-01-01

    Resumo Contexto As cardiopatias podem causar alterações no formato das ondas da ultrassonografia vascular (UV) em vasos periféricos. Essas alterações, tipicamente bilaterais e sistêmicas, são pouco conhecidas e estudadas. Objetivo Avaliar as ondas periféricas da UV de pacientes idosos para identificar alterações decorrentes de cardiopatias. Métodos Foram estudados 183 pacientes idosos submetidos a UV periférica no ano de 2014. Resultados Foram avaliados 102 mulheres (55,7%) e 81 homens (4...

  2. A Vida… Vista pelos Idosos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    R. Martins

    2016-02-01

    Conscientes desta pluralidade de percepções e da importância que estas têm sobre a qualidade de vida das pessoas idosas, procurámos identificar os sentimentos dos idosos sobre a vida actual, sobre o futuro e as necessidades por eles sentidas, em função do local de residência. Trata-se de um estudo epidemiológico transversal de tipo descritivo e correlacional que integrou uma amostra de 673 idosos, residindo 336 no seu domicílio e 337 em instituições.

  3. Programas de exercícios físicos para idosos acima dos 90 anos

    OpenAIRE

    Amorim, Raquel; Abreu, Verónica

    2010-01-01

    Com a população idosa a aumentar consideravelmente de ano para ano, tem aumentado também a necessidade de alterar comportamentos de forma a tornar este envelhecimento mais saudável e com mais qualidade de vida. Assim, o exercício físico tem-se mostrado um grande aliado neste processo, não pela capacidade de atrasar o envelhecimento mas pela possíbilidade de o tornar mais saudável e menos incapacitante para os idosos. Objectivo: Esta revisão teve como objectivo verificar quais o...

  4. Maus-tratos a idosos: revisão integrativa da literatura

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Annelissa Andrade Virgínio de Oliveira

    2013-02-01

    Full Text Available O estudo objetivou identificar, a partir de uma revisão integrativa da literatura, o conhecimento científico produzido entre 2005 e 2009, sobre maus-tratos contra idosos. Para tal, foram selecionados dezesseis estudos nos bancos LILACS e SciELO e na base BDENF. Dentre os dezesseis estudos, 56,25% compreendiam artigos originais. O periódico que mais publicou foi o Caderno de Saúde Pública (25%, sendo a maioria dos estudos desenvolvidos no Sudeste (56,25%. O levantamento revelou que a violência física foi predominante entre os idosos, sendo o domicílio o ambiente onde frequentemente ocorre a agressão, sendo os familiares os principais agressores. Entre os idosos agredidos, observou-se que as mulheres são as vítimas mais acometidas. Esses achados suscitam o desenvolvimento de outras pesquisas que possam clarificar as múltiplas dimensões da violência contra o idoso.

  5. Clinical evolution of adult, elderly and very elderly patients admitted in Intensive Care Units Evolución clínica de adultos, ancianos y muy ancianos internados en Unidades de Terapia Intensiva Evolução clínica de adultos, idosos e muito idosos internados em Unidade de Terapia Intensiva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Verônica Cunha Rodrigues de Oliveira

    2011-12-01

    Full Text Available This study compared clinical outcomes among adult, elderly and very elderly patients admitted to Intensive Care Units (ICUs located in São Paulo, Brazil. This retrospective, longitudinal and comparative study included 279 adult (≥18 and El estudio comparó la evolución clínica de adultos, ancianos y muy ancianos internados en Unidades de Terapia Intensiva localizadas en Sao Paulo, Brasil. El estudio fue retrospectivo longitudinal, del tipo comparativo. Participaron 279 adultos (≥18 y O estudo comparou a evolução clínica de adultos, idosos e muito idosos, internados em Unidades de Terapia Intensiva, localizadas em São Paulo, Brasil. Trata-se de estudo retrospectivo-longitudinal, do tipo comparativo. Participaram 279 adultos (≥18 e <60 anos, 216 idosos (≥60 e <80 anos e 105 muito idosos (≥80 anos. Os adultos diferiram dos outros grupos em relação à unidade de destino e evolução da gravidade, segundo Simplified Acute Physiology Score II. Foi mais prevalente o encaminhamento dos adultos para unidades de internação, porém, os idosos e muito idosos, sobreviventes à internação na unidade crítica, apresentaram melhora mais acentuada antes da alta. Entre adultos e idosos ocorreu diferença em relação à mortalidade, com maior taxa no grupo mais velho; entretanto, a mortalidade dos muito idosos e adultos foi similar. Em geral, os resultados indicaram que a idade mais avançada não foi fator associado aos desfechos indesejáveis da assistência intensiva.

  6. Autoavaliação da postura por idosos com e sem hipercifose torácica Self-evaluation of posture by elderly people with or without thoracic khyposis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lívia Pimenta Renó Gasparotto

    2012-03-01

    Full Text Available No presente artigo enumeram-se certas diferenças categoriais da percepção de si de idosos, cuja análise é importante para possíveis intervenções. Objetivo: analisar a relação entre a postura apresentada e a autopercepção desta por idosos. Metodologia: participaram 18 idosos do projeto Epidoso II-Unifesp submetidos à avaliação postural. As posturas foram fotografadas e as imagens entregues aos idosos, cujas opiniões foram analisadas por metodologia qualitativa. As falas foram transcritas e categorizadas pela técnica de codificação teórica axial e seletiva, na perspectiva do interacionismo simbólico. Resultados: Identificou-se uma atitude passiva do idoso em relação às alterações posturais. Há uma distorção da imagem corporal por aqueles que apresentam desvio de postura. Participantes que possuíam o alinhamento vertebral adequado mostraram-se mais conscientes sobre seu posicionamento corporal e a importância deste assimilada em fases anteriores à do envelhecimento. Conclusão: a aderência ao autocuidado postural parece ocorrer em fases anteriores à do envelhecimento, devendo ser realizado nestas épocas o trabalho efetivamente preventivo. A despreocupação com a questão postural relaciona-se com a concepção do idoso sobre a noção de envelhecimento que é, em si, o acúmulo de disfunções inevitavelmente simultâneas ou sucessivas.This article lists the differences between self-perception of body posture among the elderly suffering from postural alterations or not, in order to ascertain whether self-evaluation of posture can lead to preventive measures. Eighteen cases from the elderly population participated in the EPIDOSO project at UNIFESP and were subjected to postural evaluation. Postures were photographed and copies given to the participants and their subsequent comments were analyzed by the qualitative method. The narratives were taped and cataloguedusingthe technique of theoretical axial and selective

  7. Utilização de serviços de saúde por idosos vivendo na comunidade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Calíope Pilger

    2013-02-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi analisar o padrão de utilização dos serviços de saúde por idosos cadastrados nos serviços públicos de Guarapuava-PR. Realizou-se inquérito domiciliar com 359 idosos selecionados por meio de amostragem estratificada proporcional. As entrevistas foram aplicadas entre janeiro e abril de 2010 no domicílio do idoso, utilizando-se as seções I e III do questionário BOAS (Brazil Old Age Schedule. Para apreciação aplicou-se análise de associação por meio do teste χ². Os serviços de saúde mais utilizados pelos idosos nos últimos três meses foram à consulta médica (49,6% e os exames clínicos (38,4%. As mulheres utilizaram mais os serviços de saúde (p=0,0240; 55,6% dos idosos relataram não procurar os serviços dentários. Conclui-se que a população idosa é grande usuária dos serviços de saúde e a rede pública do município necessita se organizar frente a uma demanda crescente por procedimentos diagnósticos terapêuticos.

  8. The nursing work in care of hospitalized elderly: limits and particularities / O trabalho de enfermagem no cuidado ao idoso hospitalizado: limites e particularidades

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gabriel Zanin Sanguino

    2018-01-01

    Full Text Available Objetivo: Analisar o cuidado de enfermagem ao idoso em diversos cenários de um hospital geral, com ênfase no preparo profissional, limites e particularidades das práticas assistenciais. Método: Pesquisa exploratória de natureza descritiva, com abordagem qualitativa, realizada em um hospital universitário público, por entrevista aberta, com 15 profissionais de enfermagem que executavam cuidados a pacientes idosos. Resultado: Identificou-se que o cuidado de enfermagem ao idoso hospitalizado enfrenta limites e dificuldades de distintas origens; que o cuidado de enfermagem ao idoso hospitalizado requer atenção peculiar imposta pelas características do envelhecimento; e que o cuidado de enfermagem ao idoso hospitalizado é facilitado pela prática colaborativa. Conclusão: Foram apontadas distintas dificuldades no cuidado de enfermagem a idosos hospitalizados, assim como a necessidade de uma assistência direcionada a especificidades do indivíduo idoso e o quanto a colaboração interprofissional permite um cuidado mais individualizado e efetivo para essa população.

  9. Intervenções de enfermagem prescritas para idosos hospitalizados segundo grau de dependência para as Atividades Básicas de Vida Diária.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paola Alves de Oliveira Lucchesi

    2015-05-01

    Full Text Available Objetivando identificar as intervenções de enfermagem mais prescritas para idosos hospitalizados, de acordo com seu nível de dependência para as Atividades Básicas de Vida Diária (ABVDs, foram analisados 51 idosos admitidos em uma enfermaria geriátrica de um hospital de grande porte da cidade de São Paulo, após consentimento informado. Observou-se que 51% dos indivíduos apresentava dependência grave, e as intervenções significativamente mais prescritas estavam relacionadas com a mobilidade, banho e segurança do paciente.  

  10. Dermatite de contato em idosos Contact dermatitis in elderly patients

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ida Duarte

    2007-04-01

    Full Text Available FUNDAMENTOS: A dermatite alérgica de contato é freqüente, com variações de acordo com o grupo estudado. OBJETIVOS: Verificar a freqüência da dermatite alérgica de contato em idosos; demonstrar os principais sensibilizantes nesse grupo; comparar os resultados dos testes epicutâneos com um grupo de adultos atendidos no mesmo período. PACIENTES: Durante o período 1998-2003, entre os pacientes submetidos aos testes de contato na Clínica de Dermatologia da Santa Casa de São Paulo, selecionaram-se idosos (>65 anos e adultos (20-65 anos. RESULTADOS: Foram avaliados 80 (9% idosos e 581 (63% adultos. Entre os idosos, 70 tiveram testes positivos, e 10, negativos. Nos adultos, 436 apresentaram testes positivos, e 145, negativos. A diferença entre os grupos em relação ao número de testes positivos e negativos foi estatisticamente significante (p= 0,02. Demonstrou-se maior freqüência de sensibilização nos idosos às seguintes substâncias - sulfato de níquel (p=0,001, perfume-mix (p=0,004, neomicina (p=0,0008, nitrofurazona (p=0,02, prometazina (p=0,03 e benzocaína (p=0,007. CONCLUSÕES: A dermatite alérgica de contato nos idosos é comum como em outras faixas etárias. As substâncias relacionadas aos medicamentos tópicos são importantes agentes etiológicos da dermatite alérgica de contato nesse grupo.BACKGROUND: Allergic contact dermatitis is a frequent condition and varies according to the population studied. OBJECTIVES: To verify the frequency of allergic contact dermatitis in elderly patients; to demonstrate the main sensitizers in this age group; to compare the results of the contact tests with those of a group of adults seen in the same period. Patients: From 1998 to 2003, elderly (over 65 years, and adults (aged 20-65 years were selected among patients submitted to contact tests at the Dermatology Clinic of [Hospital] Santa Casa de Sao Paulo. RESULTS: Eighty (9% elderly and 581(63% adult patients were assessed; 70 elderly

  11. Violência Contra Idosos na Família: Motivações, Sentimentos e Necessidades do Agressor

    OpenAIRE

    Silva,Cirlene Francisca Sales; Dias,Cristina Maria de Souza Brito

    2016-01-01

    Resumo O aumento mundial da população idosa tem sido acompanhado por importantes demandas, dentre elas a violência contra a pessoa idosa, que merece especial atenção devido às sequelas físicas e psicológicas que acarreta. A literatura tem focalizado mais o idoso agredido, pouco se detendo ao agressor. O objetivo geral desta pesquisa foi investigar a violência contra idosos na família, da perspectiva do agressor, especificamente as motivações que os impeliram à violência, os sentimentos e as n...

  12. Atividade fisica de idosos relacionada ao transporte e lazer, Maceio, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Raquel de Carvalho Mourao

    2013-12-01

    Full Text Available OBJETIVO : Analisar o nível de atividade física de idosos nos domínios do transporte e lazer e fatores associados. MÉTODOS : Estudo transversal com amostra populacional de 319 idosos em Maceió, AL, em 2009. O nível de atividade física relacionada ao transporte e ao lazer foi mensurado com aplicação do Questionário Internacional de Atividade Física, versão longa. As variáveis analisadas foram: idade, escolaridade, sexo, renda per capita e saúde percebida. Foram utilizadas análise descritiva e de regressão múltipla da razão de prevalência e teste de Fisher. RESULTADOS : Foram classificados insuficientemente ativos no transporte 87,5%, significativamente maior entre idosos com idades mais avançadas, com maior escolaridade e que se consideram insatisfeitos com a saúde física comparada. A prevalência dos idosos insuficientemente ativos no lazer foi de 76,2%, mais frequente nas mulheres, nos homens com idade avançada, nos idosos com menor renda per capita, nos que relataram estarem insatisfeitos com a saúde física comparada e a autopercepção da saúde mental. CONCLUSÕES : A prevalência de insuficientemente ativos foi elevada nos domínios transporte e lazer. Os fatores idade, sexo e renda devem ser considerados particularmente no lazer, a fim de garantir equidade no desenvolvimento de políticas de promoção da saúde e atividade física nessa população.

  13. COMPORTAMENTO INFORMACIONAL DOS IDOSOS ATRAVÉS DOS MEIOS DE COMUNICAÇÃO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vagner Ivan de Alencar Gomes

    2017-11-01

    Full Text Available Aborda a relação entre os idosos e os meios de comunicação existentes, levando em consideração as transformações advindas das evoluções tecnológicas, que cada vez mais são inseridas em seu cotidiano. Destaca a necessidade de realizar estudos voltados para esse tipo de usuário, a fim de apresentar dificuldades que eles enfrentam na utilização dos meios de comunicações atuais. Objetiva identificar os meios de comunicações utilizados pelos idosos como forma de adquirir informações e especificar quais suas preferências e dificuldades ao utilizá-los. Emprega como metodologia a pesquisa exploratória e descritiva tendo em vista que se buscou informações através da aplicação de questionários e a realização de entrevistas de forma aleatória, com idosos a partir de 60 anos de idade, em diversas localidades da cidade do Natal/RN. Constatou-se que os meios de comunicação mais utilizados pelos idosos são a Televisão e o Rádio e com relação à era digital, 77% dos pesquisados possuem dificuldades em obter informações a partir da Internet. Percebe-se que todos idosos entendem a necessidade das pessoas estarem bem informadas, utilizando todos os meios que são disponibilizados, tais como: jornais, tvs, redes sociais, ou seja, os diversos meios de comunicação.

  14. Avaliação perioperatória através do holter em pacientes idosos submetidos à prostatectomia Evaluación perioperatoria mediante el holter en pacientes adultos mayores sometidos a prostatectomia Peri-operative evaluation by holter in elderly patients submitted to prostatectomy

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Thais Orrico de Brito Cançado

    2009-10-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Em pacientes do sexo masculino, com idade acima de 65 anos e sem história de cardiopatia, faz-se necessário, assim como exames de avaliação pré-operatória, hemograma, eletrocardiograma e raios X do tórax. OBJETIVO: Tivemos como objetivo verificar se, nesses pacientes, estariam presentes alterações isquêmicas e no ritmo cardíaco, bem como o impacto do procedimento anestésico. Visamos, também, a verificar a validade da monitorização ambulatorial contínua como exame de avaliação pré-operatória nessa população, o qual não foi recomendado pelas atuais diretrizes. MÉTODOS: Utilizamos, neste protocolo, a monitorização ambulatorial contínua (Sistema Holter no período perioperatório de 30 pacientes com idade superior a 65 anos, os quais foram submetidos à ressecção transuretral de próstata sob raquianestesia. RESULTADOS: Encontramos nas avaliações pré-operatória e transoperatória frequentes arritmias ventriculares e supraventriculares complexas, bem como alterações isquêmicas. Na gravação transoperatória, os pacientes que apresentaram episódios isquêmicos foram os mesmos que, na gravação pré-operatória, mostraram carga isquêmica total maior do que 60 minutos. CONCLUSÃO: Aceitamos que a monitorização ambulatorial não seja um procedimento adequado para o screening da isquemia miocárdica, pelas próprias características e limitações técnicas que envolvem o método, principalmente quando são considerados grupos populacionais com baixa prevalência da doença coronariana. Concluímos que, neste estudo transverso e observacional, obtivemos informações complementares com o holter, as quais não puderam ser obtidas pelo eletrocardiograma convencional.FUNDAMENTO: En pacientes del sexo masculino, con edad superior a 65 años y sin historia de cardiopatía, se necesitan exámenes de evaluación preoperatoria, así como hemograma, electrocardiograma y rayos X de tórax. OBJETIVO: Tuvimos como

  15. Epidemiologia das lesões traumáticas de alta energia em idosos

    OpenAIRE

    Katz,Márcio; Okuma,Marcos Antônio Akira; Santos,Alexandre Leme Godoy dos; Guglielmetti,Cesar Luiz Betoni; Sakaki,Marcos Hideyo; Zumiotti,Arnaldo Valdir

    2008-01-01

    O aumento proporcional de idosos na população mundial associado à melhoria nas condições de saúde e suporte preventivo para essa faixa etária, permite forma de vida mais ativa, expondo-os a risco mais elevado de acidentes e traumas de alta energia. Esses pacientes têm características fisiológicas, doenças associadas, padrão comportamental e complicações pós-operatórias que levam a resposta sistêmica diferente dos demais grupos etários. Esse trabalho avaliou prospectivamente 28 pacientes com i...

  16. Diferenciais socioeconômicos e de saúde entre duas comunidades de idosos longevos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Idiane Rosset

    2011-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Identificar diferenciais demográficos e socioeconômicos relacionados ao estado de saúde de idosos mais velhos residentes em duas cidades de regiões diferentes do Brasil. MÉTODOS: Estudo epidemiológico transversal e comparativo de idosos mais velhos (> 80 anos residentes em Ribeirão Preto (RP-SP e Caxias do Sul (CS-RS, com amostra probabilística de 117 sujeitos em CS e 155 em RP, realizado entre 2007 e 2008. O instrumento de coleta incluiu dados demográficos e socioeconômicos miniexame do estado mental, Medida de Independência Funcional, número de comorbidades auto-referidas e Escala de Depressão Geriátrica. RESULTADOS: A idade média foi similar, com predominância de mulheres (~70% e viúvos (~60% em ambos os municípios. A escolaridade média não diferiu estatisticamente, mas a renda média do idoso foi maior em RP do que em CS (p = 0,05. RP apresentou maior concentração de indivíduos nos extremos de escolaridade e renda do que CS. O escore médio do miniexame do estado mental foi similar entre os dois grupos e maior para indivíduos do sexo masculino, com idade entre 80 e 84 anos, casados e com maior escolaridade. Observou-se melhor desempenho funcional entre idosos de 80 a 84 anos em ambos os municípios, entre os de maior escolaridade em RP; e entre os do sexo masculino e os casados em CS. Idosos de CS apresentaram maior número de comorbidades do que os de RP (p < 0,001. Idosos do sexo masculino, casados e com maior renda apresentaram menos sintomas depressivos em ambos os grupos; os de RP apresentaram maior escore na Escala de Depressão Geriátrica do que os de CS (p < 0,001. CONCLUSÕES: Embora os idosos de CS apresentem menor desigualdade socioeconômica e menos sintomas depressivos, possuem também maior número médio de comorbidades e menor nível de independência funcional, quando comparados aos de RP.

  17. Violência intrafamiliar contra idosos: Revisâo sistemática

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alanna de Medeiros Pinheiro Cachina

    2016-12-01

    Full Text Available Essa revisâo sistemática de literatura foi realizada em bases de periódicos nacionais, entre Junho/2015 e Fevereiro/2016, utilizando os descritores: «violência intrafamiliar e idoso» e «maus-tratos e idoso», com a finalidade de identificar as frequências dos estudos, anos de publicaçôes, principais dificuldades da rede e como o problema da violência é percebido pelos participantes dos estudos. Nesse sentido, o objetivo foi caracterizar os estudos sobre violência intrafamiliar contra idosos, identificando dificuldades e formas de enfrentamento encontradas pela rede de proteçâo ao idoso vítima de violência. No método, utilizaram-se como critérios de seleçâo: artigos que abordassem a temática da violência intrafamiliar contra idosos, nâo duplicidade e publicaçôes nacionais. Foram identificados 17 artigos distintos, publicados entre 2007 e 2014. Os resultados apontaram como principais dificuldades no que se refere ao enfrentamento da problemática da violência intrafamiliar contra idosos: subnotificaçâo, ausência de fluxo entre os órgâos da rede de proteçâo, falta de preparo das equipes de saúde para lidar com a problemática e carência de estrutura para se trabalhar com esta demanda. Já no que se refere às formas de enfrentamento mais recorrentes, as estratégias mais apontadas foram: articulaçâo entre os serviços de proteçâo à pessoa idosa, fortalecimento do apoio ao idoso e sua família, investimento na capacitaçâo dos profissionais de saúde e açôes voltadas para a atençâo ao cuidador.

  18. Dimensão depressiva da personalidade e auto-percepção do envelhecimento em idosos

    OpenAIRE

    Junqueira, Diana Sofia Pereira

    2010-01-01

    Tese de mestrado, Psicologia (Secção de Psicologia Clínica e da Saúde - Núcleo de Psicologia Clínica Dinâmica), Universidade de Lisboa, Faculdade de Psicologia, 2010 O presente estudo visa analisar, num grupo de idosos pertencentes à população normal: (1) a dimensão depressiva da personalidade (estilos de personalidade mais dependente ou mais auto-crítico); (2) as auto-percepções de envelhecimento e (3) a relação entre a dimensão depressiva da personalidade (estilo de personalidade mais de...

  19. Envolvimento religioso e bem-estar subjetivo em idosos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Myrian Cristina da Silva Cardoso

    Full Text Available As inter-relações do envolvimento religioso com o bem-estar subjetivo em idosos foram investigadas neste trabalho. Participaram da pesquisa 256 indivíduos de ambos os sexos, com idades variando de 60 a 90 anos, que responderam a três instrumentos destinados a mensurar sua satisfação com a vida, seus afetos positivos e negativos e seu envolvimento religioso bem como a perguntas de natureza sociodemográfica. Os resultados evidenciaram que, dentre as dimensões do envolvimento religioso, apenas a religiosidade subjetiva se correlacionou positiva e significativamente com a satisfação com a vida, que não foram observadas correlações entre o envolvimento religioso e os afetos positivos e negativos, e que os idosos protestantes apresentaram níveis mais elevados de afetos positivos que os católicos. Tais resultados são discutidos à luz dos estudos empíricos e dos modelos conceituais que deram suporte à pesquisa.

  20. O significado da morte para adolescentes, adultos e idosos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Caroline Garpelli Barbosa

    2011-08-01

    Full Text Available Apesar do aumento na quantidade de trabalhos que visam a abordar a morte como tema de investigação, observa-se que ainda prevalece a interdição do assunto morte, dificultando que ela seja abordada e discutida. Este estudo buscou ampliar a compreensão de como pessoas, em diferentes etapas desenvolvimentais, lidam com perdas e com a própria finitude. Para isso, 7 adolescentes, 14 adultos de meia-idade e 10 idosos foram entrevistados, e os dados foram compreendidos mediante análise de conteúdo. Entre os participantes, os adultos foram os que mostraram mais aflição e inquietação, ao falarem sobre a própria finitude e sobre a possibilidade da morte de pessoas queridas. Os adolescentes abordaram-na como um acontecimento distante e impessoal, enquanto os idosos se referiram a ela com maior proximidade e aceitação. Sugere-se a realização de estudos que aprofundem tais compreensões, relacionando-as às diferentes religiões, classes sociais e experiências com perdas.

  1. Mini-Exame do Estado Mental: características psicométricas em idosos ambulatoriais Mini-Mental State Examination: psychometric characteristics in elderly outpatients

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roberto A Lourenço

    2006-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar as características de medida do Mini-Exame do Estado Mental em idosos atendidos em um ambulatório geral. MÉTODOS: O total de 303 indivíduos (>65 anos foi submetido à avaliação geriátrica com vários instrumentos, inclusive o Mini-Exame do Estado Mental. Foram calculadas a sensibilidade, a especificidade, os valores preditivos positivo e negativo e a curva ROC. RESULTADOS: A sensibilidade, a especificidade, os valores preditivos positivo e negativo e a área sob a curva ROC foram 80,8%, 65,3%, 44,7%, 90,7% e 0,807, respectivamente (ponto de corte 23/24. O melhor ponto de corte para indivíduos analfabetos foi 18/19 (sensibilidade =73,5%; especificidade =73,9%, e para aqueles com instrução escolar foi 24/25 (sensibilidade =75%; especificidade =69,7%. CONCLUSÕES: Para o rastreamento cognitivo de idosos atendidos em ambulatórios gerais pelo Mini-Exame do Estado Mental, a escolaridade deverá ser considerada para a adoção do ponto de corte mais adequado.OBJECTIVE: To assess the psychometric characteristics of the Mini-Mental State Examination in elderly outpatients who seek primary health care. METHODS: A total of 303 subjects (>65 years underwent comprehensive geriatric assessment with functional tools, including Mini-Mental State Examination. Sensitivity, specificity, positive predictive value, negative predictive value, and ROC curve were calculated. RESULTS: Sensitivity, specificity, positive and negative predictive values, and area under ROC curve were 80.8%, 65.3%, 44.7%, 90.7% and 0.807 respectively (cutoff point =23/24. The best cutoff point for illiterate was 18/19 (sensitivity =73.5%; specificity =73.9%; and for literate was 24/25 (sensitivity =75%; specificity =69.7%. CONCLUSIONS: While screening elderly outpatients for dementia, schooling must be considered in the choice of the best cutoff point in the Mini-Mental State Examination.

  2. Em Torno da Fibrilação Auricular no Idoso...Complexo e Multifacetado

    OpenAIRE

    Marques da Silva, P

    2016-01-01

    A fibrilação auricular é a arritmia mais comum dos idosos. A prevenção dos eventos tromboembólicos (e do acidente vascular cerebral, em particular) e a anticoagulação oral é uma necessidade inadiável. No entanto, a fibrilação auricular no idoso é uma circunstância, por natureza, complexa e está associada a um número elevado de comorbilidades, de síndromes gerais geriátricos, de polimedicação e de fragilidade clínica. Por isso, os cuidados geriátricos primários passam pela avaliação do estado ...

  3. Qualidade de vida em idosos institucionalizados submetidos a um programa de envelhecimento ativo

    OpenAIRE

    Magalhães, Carlos Pires; Anes, Eugénia Maria; Rebelo, Flávia Marisa

    2017-01-01

    Introducción: Vivir con calidad es una preocupación creciente en la población anciana. Estamos asistiendo a una creciente institucionalización de los ancianos y es en este contexto que los programas de envejecimiento activo se volvieron más importantes, lo que permite el contacto con experiencias que les permitan envejecer con calidad de vida, manteniendo su autonomía y la promoción de su bienestar físico, mental y emocional.Objetivo: Evaluar la calidad de vida de los pacientes ancianos insti...

  4. Qualidade de vida em idosos institucionalizados submetidos a um programa de envelhecimento ativo

    OpenAIRE

    Magalhães, Carlos Pires; Anes, Eugénia; Rebelo, Flávia Marisa Ramalho

    2017-01-01

    Living with quality is a growing concern of the old population. There is an increasing institutionalization of the elderly, and it is in this context that active aging programs assume relevance, allowing the elderly the contact with experiences that allow them to age with quality of life, by maintaining their autonomy and promoting their physical, mental and emotional well-being. Objective: To evaluate the quality of life (QOL) of institutionalized elderly undergoing to an active aging pro...

  5. Fatores determinantes da capacidade funcional entre idosos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tereza Etsuko da Costa Rosa

    2003-02-01

    Full Text Available OBJETIVO; Investigar a influência de fatores socioeconômicos e demográficos relativos à saúde, bem como os fatores ligados às atividades sociais e à avaliação subjetiva da saúde sobre a capacidade funcional dos idosos. MÉTODOS: Estudo transversal, integrante de estudo multicêntrico, em amostra representativa do município de São Paulo, realizado em 1989. A capacidade funcional foi avaliada através da escala de atividades da vida diária pessoal e instrumental e investigada como variável dicotômica: ausência de dependência - incapacidade/dificuldade em nenhuma das atividades versus presença de dependência moderada/grave - incapacidade/dificuldade em 4 ou mais atividades. Análise de regressão logística múltipla foi aplicada aos fatores hierarquicamente agrupados. RESULTADOS: As características que se associaram com a dependência moderada/grave foram analfabetismo, ser aposentado, ser pensionista, ser dona de casa, não ser proprietário da moradia, ter mais de 65 anos, ter composição familiar multigeracional, ter sido internado nos últimos 6 meses, ser "caso" no rastreamento de saúde mental, não visitar amigos, ter problemas de visão, ter história de derrame, não visitar parentes e ter avaliação pessimista da saúde ao se comparar com seus pares. CONCLUSÕES: As características identificadas que se associaram à dependência moderada/grave sugerem uma complexa rede causal do declínio da capacidade funcional. Pode-se supor, entretanto, que ações preventivas especificamente voltadas para certos fatores podem propiciar benefícios para o prolongamento do bem estar da população idosa.

  6. Fatores determinantes da capacidade funcional entre idosos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosa Tereza Etsuko da Costa

    2003-01-01

    Full Text Available OBJETIVO; Investigar a influência de fatores socioeconômicos e demográficos relativos à saúde, bem como os fatores ligados às atividades sociais e à avaliação subjetiva da saúde sobre a capacidade funcional dos idosos. MÉTODOS: Estudo transversal, integrante de estudo multicêntrico, em amostra representativa do município de São Paulo, realizado em 1989. A capacidade funcional foi avaliada através da escala de atividades da vida diária pessoal e instrumental e investigada como variável dicotômica: ausência de dependência - incapacidade/dificuldade em nenhuma das atividades versus presença de dependência moderada/grave - incapacidade/dificuldade em 4 ou mais atividades. Análise de regressão logística múltipla foi aplicada aos fatores hierarquicamente agrupados. RESULTADOS: As características que se associaram com a dependência moderada/grave foram analfabetismo, ser aposentado, ser pensionista, ser dona de casa, não ser proprietário da moradia, ter mais de 65 anos, ter composição familiar multigeracional, ter sido internado nos últimos 6 meses, ser "caso" no rastreamento de saúde mental, não visitar amigos, ter problemas de visão, ter história de derrame, não visitar parentes e ter avaliação pessimista da saúde ao se comparar com seus pares. CONCLUSÕES: As características identificadas que se associaram à dependência moderada/grave sugerem uma complexa rede causal do declínio da capacidade funcional. Pode-se supor, entretanto, que ações preventivas especificamente voltadas para certos fatores podem propiciar benefícios para o prolongamento do bem estar da população idosa.

  7. Percepção dos idosos jovens e longevos gaúchos quanto aos espaços públicos em que vivem

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Joel Hirtz do Nascimento Navarro

    2015-02-01

    Full Text Available Em 2050, o número de brasileiros residindo em áreas urbanas passará dos 200 milhões e 29% da população será composta por idosos. Os idosos longevos possuem 80 anos ou mais, os idosos jovens são aqueles que apresentam idade entre 60 e 79 anos. O objetivo foi verificar a diferença da percepção de idosos jovens e longevos do Rio Grande do Sul quanto ao ambiente urbano em que vivem. Estudo de base populacional, observacional, descritivo, retrospectivo, com paradigma de análise quantitativa, analisou dados da pesquisa Perfil dos Idosos do RS, realizado pelo Instituto de Geriatria e Gerontologia da PUCRS em parceria com a Escola de Saúde Pública do RS. A amostra foi composta por 6913 questionários respondidos por idosos de 59 cidades. A análise dos dados foi realizada com cada um dos grupos etários e as variáveis independentes foram testadas pelo Qui-Quadrado, sendo o nível de significância menor que 0,05. Como resultado, a percepção de dificuldades, como poucos bancos, falta de faixas de segurança, tempo de sinal muito curto para pedestres, degraus muito altos e mau cheiro dos banheiros públicos, foi maior entre os idosos jovens. Os idosos longevos perceberam menos esses fatores, porém, referiram que frequentam menos os ambientes comunitários.

  8. Gestão da Qualidade de Vida dos idosos frequentadores do Centro de Convivência e Apoio ao idoso Casa de Clara

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Josimeire Querollaine Alves de Sousa

    2015-06-01

    Full Text Available A longevidade populacional é uma realidade cada vez mais presente na sociedade, em que o número de idosos irá se sobressair ao número de jovens e crianças até 2050, à vista disso, aumenta-se a preocupação em promover a qualidade de vida na terceira idade, no qual o governo por sua vez, criou um programa que incentivasse a prestação de serviços que contribuíssem para o bem-estar dos idosos. O conceito de qualidade de vida e bem-estar, segundo diversos autores, abrange inúmeros aspectos da vida, como o nível sociocultural e econômico, familiar, psicológico e biológico. Este artigo utilizou um estudo de caso no Centro de Convivência e Apoio ao Idoso Casa de Clara, em que foi aplicado o questionário do Ferrans and Powers Quality of Life Index (QLI, desenvolvido mediante rigorosos critérios metodológicos e fundamentado em diversos estudos internacionais.

  9. Fatores que interferem na sexualidade de idosos: uma revisão integrativa

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Danielle Lopes de Alencar

    2014-08-01

    Full Text Available O objetivo deste artigo é analisar as evidências científicas que abordam os fatores que interferem na sexualidade de idosos. A busca ocorreu em pares, de forma on-line, sendo incluídos artigos originais que estivessem na língua portuguesa, inglesa ou espanhola e respondessem ao objetivo do estudo e com publicação no período de 2006 a outubro de 2011. Teve por Base de dados: Medline, Lilacs, CIDSAÚDE e BDENF, sendo utilizados como descritores: sexualidade e idoso/ sexuality and aged/ sexualidad y anciano. Os artigos selecionados foram avaliados quanto à qualidade metodológica por meio de dois instrumentos: CASP e a Classificação Hierárquica das evidências. Após análise, 15 artigos foram incluídos na revisão, os quais discutem a cultura da assexualidade do idoso, prevalecendo a vivência da sexualidade apenas aos mais jovens. A ausência do parceiro devido à viuvez, valorização do padrão da beleza jovem, ocorrência de doenças, uso de medicamentos e mudanças na fisiologia sexual foram identificadas como fatores importantes que influenciam na sexualidade dos mais velhos. Conclui-se que fatores sociais, culturais, mudanças na fisiologia corporal e a ocorrência de doenças interferem na sexualidade dos idosos, fazendo-se necessária atuação do profissional de enfermagem na desmistificação de mitos e para promover orientações.

  10. Qualidade do abacate 'HASS' frigoarmazenado submetido a atmosferas modificadas ativas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rogério Lopes Vieites

    2014-06-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar a conservação do abacate 'Hass'frigoarmazenado submetido a atmosferas modificadas ativas. Os frutos foram acondicionados em embalagem de náilon+polietileno e submetidos à injeção de mistura de gases, constituindo os tratamentos: I - mistura gasosa do ambiente (21,0 kPa de O2+0,03 kPa de CO2; II - 4,0 kPa de O2+5,0kPa de CO2 ; III - 4,0 kPa de O2+6,0 kPa de CO2 ; IV - 4,0 kPa de O2+7,0 kPa de CO2, e V- 4,0 kPa de O2+8,0 kPa de CO2. As embalagens contendo os frutos foram armazenadas em câmara frigorífica, a uma temperatura de 10±1ºC e umidade relativa de 90±5%, durante 25 dias, sendo as análises realizadas a cada 5 dias. As análises realizadas foram perda de massa, atividade respiratória, potencial hidrogeniônico (pH, firmeza, acidez titulável (AT, sólidos solúveis (SS e atividade das enzimas pectinametilesterase (PME e poligalacturonase (PG. O tratamento em que os frutos foram submetidos à pressão parcial de 4,0 kPa de O2+7,0 kPa de CO2 foi o mais efetivo na conservação dos frutos, principalmente pela menor perda de massa e baixa produção de CO2.

  11. Achados oculares em pacientes com mais de 99 anos Ocular findings in patients older than 99 years

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcela Colussi Cypel

    2006-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Determinar as condições visuais e oculares em indivíduos com mais de 99 anos. MÉTODO: Estudo prospectivo e descritivo de série casos. Trinta idosos com mais de 99 anos se inscreveram no Instituto da Visão da Universidade Federal de São Paulo, de forma voluntária, respondendo à busca ativa. O exame oftalmológico constou de anamnese, ectoscopia, acuidade visual, exame refracional, citologia e cultura de cílios e conjuntiva com antibiograma, teste de Schirmer basal, tempo de ruptura do filme lacrimal, coloração com Rosa Bengala da conjuntiva e córnea, exame de biomicroscopia, tonometria de aplanação e fundoscopia direta e indireta. Foram realizados exames complementares, como retinografia e tomografia de coerência óptica, quando indicados. RESULTADOS: Trinta pacientes acima de 99 anos (média de 101,5±1,8 anos, dos quais, 25 mulheres e 5 homens, foram examinados; destes, 10 não tinham condições de exame completo, em razão de limitações de saúde e mobilidade. A doença sistêmica mais encontrada foi hipertensão arterial (8 pacientes = 40%. Cinco pacientes (25% negaram qualquer doença ou uso de medicação. A melhor acuidade visual corrigida para longe foi de 20/100 ou melhor em 11 pacientes (55% e para perto variou de J4 ou melhor também em 11 pacientes (55%, sendo que sete destes idosos (63% não haviam sido submetidos à cirurgia de catarata. A principal queixa foi dificuldade para leitura em 55% e 40% demonstrou estar satisfeito com a sua visão. A melhora da acuidade com prescrição de óculos novos ocorreu em 4 casos (20%. Catarata foi identificada como comprometendo a visão de forma significativa em 5 casos (25%; porém, apenas 2 concordaram com a cirurgia. A principal causa de baixa visão foi a degeneração macular relacionada à idade, presente em todos os casos; na maioria da vezes (95%, na forma seca. CONCLUSÃO: As necessidades da população nessa faixa etária devem ser entendidas para o

  12. Instituição de longa permanência para idosos: um lugar de cuidado para quem não tem opção?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Janine Melo de Oliveira

    2014-10-01

    Full Text Available Pesquisa descritiva, qualitativa, com abordagem compreensiva, que teve por objetivo compreender o significado da instituição de longa permanência para idosos institucionalizados. Os dados foram coletados com 13 idosos institucionalizados, no período de 5 de abril a 25 de maio de 2013 por meio da entrevista narrativa, e submetidos a análise de conteúdo, na modalidade de análise temática. Os resultados indicam que ser idoso institucionalizado significa ter suas necessidades de cuidado atendidas, no que concerne a suas necessidades básicas; ao acesso a serviços e recursos de saúde, e a ter um lugar onde possam envelhecer e morrer. O estudo permitiu concluir que a instituição aparece como um lugar ambíguo para os idosos, pois ao mesmo tempo em que os acolhe, abriga e atende suas necessidades, é um ambiente que inviabiliza a vida independente e autônoma.

  13. Fatores associados a baixa adesao ao tratamento medicamentoso em idosos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Noemia Urruth Leao Tavares

    2013-12-01

    Full Text Available OBJETIVO : Analisar fatores associados à baixa adesão ao tratamento medicamentoso em idosos. MÉTODOS : Estudo transversal de base populacional, com amostra representativa de 1.593 indivíduos com 60 anos ou mais, residentes na região urbana de Bagé, RS, em 2008. A amostragem foi realizada em múltiplos estágios. Os dados foram coletados em entrevistas individuais nos domicílios. Analisou-se a associação entre a baixa adesão referida ao tratamento medicamentoso mensurado pelo Brief Medication Questionnaire (BMQ e fatores demográficos, socioeconômicos, comportamentais e de saúde, assistência e prescrição. Foi utilizado modelo de regressão de Poisson para estimar as razões de prevalência bruta e ajustada, os respectivos intervalos de confiança de 95% e p-valor (teste de Wald. RESULTADOS : Cerca de 78,0% dos indivíduos referiram ter usado algum medicamento nos sete dias precedentes à entrevista. Desses, cerca de 1 / 3 foram considerados com baixa adesão ao tratamento. Os fatores significativamente associados à baixa adesão foram: idade (65 a 74 anos, não ter plano de saúde, ter que comprar (totalmente ou em parte os seus medicamentos, ter três ou mais morbidades, possuir incapacidade instrumental para a vida diária e usar três ou mais medicamentos. CONCLUSÕES : A utilização elevada de medicamentos, decorrente da alta prevalência de doenças crônico-degenerativas em idosos, e o acesso ao tratamento devem ser considerados pelos profissionais de saúde para adoção de estratégias que visem diminuir a baixa adesão ao tratamento, aumentando a resolutividade terapêutica e a qualidade de vida desses pacientes.

  14. Do real ao ideal - o (descuidar da saúde dos idosos longevos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tatiane Michel

    2015-06-01

    Full Text Available RESUMOObjetivo:analisar semelhanças e dessemelhanças nos significados do cuidado à saúde de idosos longevos atribuídos por eles e pelos profi ssionais de enfermagem no cenário de uma unidade básica de saúde.Método:pesquisa qualitativa etnográfica, alicerçada no método de Spradley e McCurdy e na antropologia interpretativa de Geertz e Kleinman. Participaram 20 informantes-chaves, as informações foram coletadas por meio da observação participante e entrevista etnográfica no período de março a outubro de 2013 e analisadas em domínios, taxonomias e tema cultural.Resultados:emergiram seis domínios e taxonomias culturais que mostraram razões, atributos e recursos para cuidar, na perspectiva dos idosos e dos profissionais de enfermagem e, por fim, o tema cultural: do real ao ideal - o (descuidar da saúde dos idosos longevos.Conclusão:o estudo mostrou o distanciamento entre o cuidado almejado e o realizado à saúde das pessoas com idade mais avançada no cenário estudado.

  15. Relação no cuidado entre o cuidador familiar e o idoso com Alzheimer

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcia Daniele Seima

    2014-04-01

    Full Text Available Trata-se de estudo quantitativo, de corte transversal, e qualitativo-descritivo, cujo objetivo foi interpretar a relação no cuidado entre cuidadores familiares e idosos com Alzheimer, alicerçada na dialética concreta da participação segundo os quatro preceitos de Gabriel Marcel. A amostra de conveniência foi composta de 208 cuidadores familiares na etapa quantitativa e 36 na qualitativa. Os cuidadores são mulheres (n=178; 86%, idade entre 22 a 83 anos, residem com o idoso (n=169; 81%, têm mais de oito anos de escolaridade (n=147; 71%, não possuem ocupação profissional (n=121; 58% e apresentam sobrecarga moderada (n=96; 46,2%. O tema síntese foi A ordem do mistério entremeado pela esperança sustentada pela fé. A relação entre o familiar e o idoso com Alzheimer envolve amor, fidelidade, esperança e presença. Interpretar esta relação possibilita ao enfermeiro desenvolver a sensibilidade e a criatividade para atuação profissional considerando a subjetividade e o mistério das relações humanas.

  16. Demência como fator de risco para fraturas graves em idosos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carvalho Aline de Mesquita

    2002-01-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: As quedas entre pessoas idosas constituem importante problema de saúde pública devido à sua alta incidência, às complicações para a saúde e aos altos custos assistenciais. O estudo realizado visa a estimar a associação entre demência e ocorrência de quedas e fraturas entre idosos. MÉTODOS: Foi conduzido estudo caso-controle de 404 indivíduos com 60 ou mais anos de idade, da cidade do Rio de Janeiro, Brasil. Casos e controles foram pareados por idade, sexo e hospital. Os dados foram coletados por meio de entrevista estruturada com os idosos. Foram considerados portadores de quadro demencial idosos cuja pontuação no questionário BOAS fosse superior a dois. Foram obtidos odds ratios (OR ajustados por fatores potenciais de confusão, utilizando-se regressão logística condicional. RESULTADOS: As quedas distribuíram-se igualmente entre os períodos da manhã, tarde e noite, havendo uma redução em sua freqüência durante a madrugada. Acidentaram-se dentro de casa 78% dos idosos com demência, contra 55% daqueles sem essa doença. O OR não-ajustado para a associação entre demência e fratura grave foi de 2,0 (IC95%, 1,23-3,25. Após o ajuste por fatores de confusão, houve uma pequena redução dessa associação (OR=1,82, 1,03-3,23. CONCLUSÃO: Idosos com quadro demencial apresentam maior risco de caírem e ser hospitalizados por fratura do que idosos sem demência. Tal fato implica a necessidade de cuidados especiais com esses indivíduos, visando a minimizar o risco desses acidentes.

  17. Prevalência de fatores de risco cardiovascular em idosos usuários do Sistema Único de Saúde de Goiânia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carla Cristina da Conceição Ferreira

    2010-10-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Os fatores de risco cardiovascular (FRCV apresentam alta prevalência e causam impacto na morbimortalidade de idosos, porém, essa questão ainda se mostra desconhecida entre idosos usuários do Sistema Único de Saúde. OBJETIVO: Investigar a prevalência de FRCV em idosos usuários da atenção básica do Sistema Único de Saúde (SUS em Goiânia - Goiás. MÉTODOS: Estudo transversal com amostragem em múltiplos estágios, realizado por meio de inquérito domiciliar com 418 idosos acima de 60 anos, usuários do SUS da atenção básica de Goiânia. Foram coletados dados socioeconômicos, demográficos, estilo de vida, peso, altura, circunferência da cintura, pressão arterial e uso de medicamentos. Os FRCV investigados foram: hipertensão arterial, diabete melito, obesidade total, obesidade central, dislipidemias, tabagismo, sedentarismo e consumo de bebida alcoólica. Utilizou-se o teste do Qui-quadrado para análises das associações, com significância de 5%. RESULTADOS: As prevalências dos FRCV foram: 80,4% de hipertensão arterial; 83,3% de obesidade central; 59,8% de sedentarismo; 32,2% de obesidade total; 23,4% de dislipidemias; 19,1% de diabete melito; 10,0% de tabagismo e 5,9% de consumo de bebida alcoólica. Quanto à simultaneidade, 2,4% dos idosos não apresentaram FRCV. A simultaneidade de dois ou mais FRCV ocorreu em 87,3% dos idosos e mostra-se com maior frequência entre as mulheres. CONCLUSÃO: Os FRCV ocorrem de maneira simultânea em mais da metade dos idosos, e os mais prevalentes foram: hipertensão arterial, obesidade central e sedentarismo. É preciso intensificar as estratégias de promoção da saúde e prevenção de agravos cardiovasculares em idosos usuários da atenção básica do SUS de Goiânia, principalmente entre aqueles com simultaneidade de FRCV.

  18. Violência contra idosos: uma questão nova?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Paula R. Amadio Sanches

    Full Text Available O envelhecimento da população mundial é um fato concreto e de conhecimento público. O Brasil inicia seu processo de transição demográfica seguindo o padrão mundial: o aumento do número de idosos com possibilidade de atingir elevadas faixas etárias, o que traz a necessidade de pesquisas nesse campo, devido à demanda apresentada por essa nova parcela da população. A questão da violência doméstica contra idosos tem se ampliado e sugere necessidade de maior campo de investigação nessa área, dado o risco suposto ao qual essa população mais idosa está submetida. O objetivo deste artigo é verificar os estudos relacionados ao tema já realizados no Brasil e em diferentes países, com enfoque epidemiológico. O trabalho apresenta diversos pontos de abordagem da violência contra idosos, considerando questões relacionadas à cultura do envelhecimento, ações de políticas públicas, atuação de equipes de saúde, definição do termo abordado, aspectos legais e éticos da violência contra o idoso. Tal estudo permite ao pesquisador analisar os diferentes aspectos que envolvem a temática, demonstrando a necessidade de pesquisas específicas direcionadas ao tema.

  19. Letramento: uma aprendizagem mais significativa

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristiane Carvalho Mendonça Blanco

    2012-06-01

    Full Text Available Esse artigo expõe a pesquisa realizada sobre Letramento: uma aprendizagem mais significativa teve como questão norteadora as muitas reflexões sobre o que pode ser feito para tornar o processo do contato inicial da criança com o letramento em um momento mais significativo e democrático, de modo que a criança se sinta sujeito de sua aprendizagem. Diante disso, foi observada uma turma de primeiro ano da Escola Municipal de Educação Básica Jardim Paraíso, no Município de Sinop – MT, e a professora regente desta turma, teve como abordagem teórica o estudo de Magda Soares. Por meio de uma entrevista e observações, foi possível conhecer quais os materiais didáticos que são utilizados em sala de aula e como os alunos interagem com este material. O caminho metodológico utilizado foi a pesquisa qualitativa, mais especificamente o Estudo de Caso. Constatou-se que a alfabetização só tem sentido em um contexto de letramento e por meio de atividades de letramento, este, por sua vez, só pode desenvolver-se por meio da aprendizagem do sistema de escrita.Palavras-chave: educação; ensino fundamental; letramento; professora e crianças; pesquisa descritiva; Magda Soares.

  20. Características sociodemográficas e hábitos de vida de idosos com e sem indicativo de depressão

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pollyana Cristina dos Santos Ferreira

    2013-03-01

    Full Text Available Objetivou-se comparar as variáveis sociodemográficas e hábitos de vida dos idosos com e sem indicativo de depressão. Trata-sede um inquérito domiciliar, descritivo, transversal e observacional, do qual participaram 850 idosos residentes na zona rural de um município de Minas Gerais. Utilizaram-se os instrumentos estruturados e a Escala de Depressão Geriátrica Abreviada, seguidos de análise descritiva e teste qui-quadrado (p<0,05. Predominaram os idosos com indicativo de depressão do sexo feminino, 80 anos ou mais, donas de casa, que não realizavam atividade física e não faziam uso de álcool, quando comparados aos sem indicativo. A proporção de idosos sem indicativo de depressão foi significativamente superior à dos idosos com indicativo quanto às atividades de passatempo. Não houve diferença significativa entre os grupos em relação ao arranjo de moradia e tabagismo. Conclui-se que esses resultados podem subsidiar o desenvolvimento de ações de prevenção da depressão, além do tratamento e recuperação dos acometidos.

  1. Diagnóstico primário dos fatores de risco coronariano em idosos vinculados à estratégia saúde da família no interior do Rio Grande do Sul

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Micheli Beatriz Radtke

    2016-10-01

    Full Text Available Objetivo: estimar a prevalência de fatores de risco de doença coronariana em idosos de um município no interior do Rio Grande do Sul. Método: para a realização do presente estudo, utilizou-se a tabela de risco coronariano proposta pela Michigan Heart Association. Realizou-se um estudo com abordagem epidemiológica, observacional e com delineamento transversal em uma amostra calculada de 115 idosos, de ambos os sexos, na faixa etária média de 69,86 ±7,7 anos. Os dados foram submetidos à análise descritiva, através da média, desvio padrão e identificação do percentual da ocorrência do risco relativo, além disso, foi realizado o teste Mann-Whitney e o teste t pareado para comparação do risco coronariano entre as unidades de saúde e a frequência na dieta alimentar de alimentos ricos em gorduras saturadas e sódio. Resultados: o risco coronariano médio obtido foi de 31,23 ± 5,3 pontos, classificado pela Michigan Heart Association, como risco moderado. Não houve alteração significativa entre os sexos e as localidades, indicando que o risco coronariano é alto em todo território avaliado. A população apresentou dieta aterogênica, com consumo elevado de gordura saturada e sódio. De acordo com a ordem de prevalência, os fatores mais encontrados foram: percentual de gordura saturada na dieta, hereditariedade, sobrepeso, pressão arterial, sedentarismo e tabagismo respectivamente. Considerações finais: foram evidenciados casos de alto risco, alertando para a necessidade da elaboração e inserção de políticas de promoção de saúde, a fim de minimizar as possibilidades de ocorrência de eventos coronarianos, sobretudo em uma população idosa.

  2. Unidade de Atenção ao Idoso: atividades, mudanças no cotidiano e sugestões

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Cláudia Moura Caetano

    2008-09-01

    Full Text Available Com o aumento da expectativa de vida surgem novas demandas sociais e de saúde para o atendimento à população idosa. A enfermagem deve somar esforços com a equipe multiprofissional visando contribuir com a manutenção da independência e autonomia do idoso, nos espaços sociais de promoção da saúde. Neste estudo objetivou-se descrever as características sócio-demográficas dos idosos freqüentadores da Unidade de Atenção ao Idoso (UAI, localizada no município de Uberaba-MG, bem como as atividades realizadas pelos idosos no local, identificando as mudanças ocorridas em seu cotidiano após freqüentar a UAI e sugestões de atividades. Os dados foram coletados, no período de julho e agosto do ano de 2007, junto a 39 idosos e, após, submetidos à distribuição de freqüência e análise temática segundo Bardin. A maioria dos entrevistados era do sexo feminino (87,1%; com 4 a 8 anos de estudo (66,7%, aposentados (84,7% e renda mensal individual de 1 salário mínimo (59%. As atividades realizadas são: hidroginástica (28%; dança (15,8%, ginástica (14% e alongamento (13,1%. A análise temática evidenciou as categorias: Mudanças no posicionamento social (32,1%; Melhoria nas condições de saúde (27% e Atividades na UAI (40,9%. A participação dos idosos nas atividades da UAI acarretou mudanças positivas na vida dos usuários, propiciando melhorias na sua qualidade de vida.

  3. Coorte Sarar: atividade de doença, capacidade funcional e dano radiológico em pacientes com artrite reumatoide submetidos à artroplastia total de quadril e joelho

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bernardo Matos da Cunha

    2015-10-01

    Full Text Available RESUMOObjetivos:A coorte Sarar é composta por pacientes portadores de artrite reumatoide (AR e artrite idiopática juvenil (AIJ submetidos a artroplastias de quadril e joelho no hospital Sarah-Brasília. O objetivo deste estudo foi avaliar fatores clínicos e laboratoriais associados à atividade de doença, capacidade funcional e dano radiológico em pacientes com AR, participantes dessa coorte.Métodos:Estudo transversal, com coleta de dados em revisão de prontuário.Resultados:Foram incluídos 32 pacientes, com tempo médio de início da doença de 240 meses. Dezenove pacientes foram submetidos a ATJ e 17, a ATQ. Foi encontrada correlação positiva entre dose máxima de metotrexato (MTX durante a evolução e Clinical Disease Activity Index (CDAI (R = -0,46, p = 0,011 e negativa com Simplified Erosion and Narrowing Score (SENS (R = -0,58, p = 0,004. Valores de SENS foram maiores nos pacientes com fator reumatoide (FR (p = 0,005 e anticorpo antipeptídeo cíclico citrulinado 3 (anti-CCP3 positivo (p = 0,044, nos com maiores títulos de FR (p = 0,037 e anti-CCP3 (p = 0,025 e menores nos pacientes com história familiar de AR (p = 0,009. Valores de HAQ foram maiores em pacientes mais idosos (p = 0,031. Na regressão linear múltipla, somente “dose máxima de MTX” e “história familiar” permaneceram com associação significativa com SENS (r2= 0,73, p < 0,001 para ambas as variáveis. No modelo que avaliou CDAI, apenas “dose máxima de MTX” permaneceu com associação significativa (r2 = 0,35, p = 0,016.Conclusão:Na coorte Sarar, fatores clínicos e laboratoriais estiveram relacionados à atividade de doença, capacidade funcional e dano radiológico, semelhantemente a estudos que avaliaram pacientes com menor tempo de doença.

  4. Vulnerabilidade de famílias de idosos assistidos pela Estratégia Saúde da Família

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosely Almeida Souza

    2015-04-01

    Full Text Available RESUMO Objetivo: estudo descritivo, exploratório, de corte transversal, cujo objetivo foi identificar a vulnerabilidade de famílias de idosos assistidos pela Estratégia Saúde da Família (ESF. Método: foi desenvolvido por meio de entrevistas domiciliárias realizadas com uma amostra de 500 famílias de idosos assistidas por 32 equipes da ESF da cidade de Dourados, MS. O Índice de Desenvolvimento da Família (IDF foi adaptado para classificá-las em função da situação de vulnerabilidade. Resultados: os resultados revelaram a presença de famílias multigeracionais, com baixa escolaridade entre os indivíduos com idade superior a 20 anos e alta taxa de analfabetismo entre os idosos. Identificaram-se 403 famílias em situação de vulnerabilidade aceitável, 95 em vulnerabilidade grave e duas famílias em situação de vulnerabilidade muito grave. As dimensões mais críticas do IDF foram os acessos ao conhecimento e ao trabalho. Conclusão: conclui-se que há necessidade de mais investimentos no cuidado a esses idosos e suas famílias na Atenção Básica.

  5. Perfil das infecções do trato urinário em idosos hospitalizados na Unidade de Geriatria do Hospital São Lucas da PUCRS = Urinary tract infections profile of the hospitalized elderly in a Geriatric Ward

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Dallacorte, Roberta Rigo

    2007-01-01

    Conclusões: Escherichia coli foi o germe mais associado a infecções do trato urinário nos idosos hospitalizados na Unidade de Geriatria do Hospital São Lucas da PUCRS. Nessa população, a taxa de resistência bacteriana a fluorquinolonas foi elevada

  6. Status de fragilidade entre idosos com indicativo de depressão segundo o sexo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Darlene Mara dos Santos Tavares

    2014-12-01

    Full Text Available Objetivos : Descrever as variáveis socioeconômicas de idosos com indicativo de depressão segundo o sexo, verificar a associação entre o status de fragilidade e o sexo, e descrever o componente do fenótipo de fragilidade mais impactado entre os idosos com indicativo de depressão pré-frágeis e frágeis. Métodos Estudo observacional, transversal e analítico, conduzido com 418 idosos com indicativo de depressão residentes no município de Uberaba, MG. Utilizaram-se a Escala de Depressão Geriátrica Abreviada e o Fenótipo de Fragilidade de Fried. Foram utilizados análise descritiva e o teste Qui-quadrado (p < 0,05. Resultados Verificou-se que, entre os idosos com indicativo de depressão, 27,8% eram frágeis e 51,7%, pré-frágeis. O status de fragilidade não esteve associado ao sexo (p = 0,910. Dentre os pré-frágeis, os componentes do fenótipo mais impactados foram o autorrelato de exaustão/fadiga para as mulheres e diminuição da força muscular para os homens. Nos frágeis, prevaleceu a diminuição da força muscular para ambos os sexos. Conclusão Mediante os achados deste estudo, conclui-se que, embora não tenha ocorrido associação entre a síndrome de fragilidade e o sexo, a identificação dos componentes do fenótipo de fragilidade mais impactados pode favorecer o atendimento multiprofissional, considerando as especificidades dos grupos. O diagnóstico precoce contribui para o estabelecimento de condutas e prevenção de agravos.

  7. Manifestações musculoesqueléticas em pacientes submetidos à hemodiálise

    OpenAIRE

    Vieira,Walber Pinto; Gomes,Kirla Wagner Poti; Frota,Niedja Bezerra; Andrade,José Eyorand Castelo Branco; Vieira,Rejane Maria Rodrigues de Abreu; Moura,Francisca Edwiges Araújo; Vieira,Francisco José Fernandes

    2005-01-01

    As anormalidades musculoesqueléticas em pacientes submetidos à hemodiálise são numerosas e freqüentes, sendo mais prevalentes naqueles em tratamento dialítico de longa duração. A artralgia é o sintoma mais comum, ocorrendo em mais de 70% dos pacientes. O hiperparatireoidismo secundário é a principal causa da doença renal óssea, e as manifestações clínicas são: dor óssea, artralgia e prurido. A amiloidose, decorrente da deposição de proteína beta2-microglobulina nos tecidos, manifesta-se pela ...

  8. A violência contra o idoso: dimensão ética e política de uma problemática em ascensão

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lenilde Duarte de Sá

    2007-12-01

    Full Text Available A violência contra os idosos é um fenômeno evidente dentro do atual processo de envelhecimento populacional mundial. Este artigo tem como objetivo apresentar uma reflexão sobre o tema da violência contra os idosos, apoiada em artigos científicos publicados. Trata-se de uma atualização, que além de abordar temas principais do assunto, pretende enfatizar como o mesmo é tratado pela atual política de saúde do idoso no Brasil, e também dar um enfoque ético. Percebe-se que a questão da violência contra os idosos é pouco considerada pela sociedade em geral e pelos profissionais de saúde. No Brasil existe uma política de promoção da saúde dos idosos e de prevenção à violência que ainda não está implementada em sua totalidade, e nem de acordo com as singularidades de cada região. Os enfermeiros, mais especificamente, precisam tratar com empatia e resolutividade os casos de violência contra idosos por eles identificados.

  9. Violência Contra Idosos na Família: Motivações, Sentimentos e Necessidades do Agressor

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cirlene Francisca Sales Silva

    Full Text Available Resumo O aumento mundial da população idosa tem sido acompanhado por importantes demandas, dentre elas a violência contra a pessoa idosa, que merece especial atenção devido às sequelas físicas e psicológicas que acarreta. A literatura tem focalizado mais o idoso agredido, pouco se detendo ao agressor. O objetivo geral desta pesquisa foi investigar a violência contra idosos na família, da perspectiva do agressor, especificamente as motivações que os impeliram à violência, os sentimentos e as necessidades sentidas por eles. Pesquisa descritiva de abordagem qualitativa, tendo dela participado 13 agressores familiares dos idosos. Utilizou-se um roteiro de entrevista semiestruturada que foi examinado por meio da Análise de Conteúdo Temática. Os resultados indicam que houve a presença de violência com agressões verbais e físicas; as principais motivações foram uso de álcool, proximidade física, dependência financeira do agressor em relação ao idoso e relacionamento permeado de violência entre ambos; os sentimentos experimentados foram tristeza, decepção, raiva, injustiça, angústia e revolta; as necessidades se relacionam ao desejo de que o processo fosse encerrado, voltar à sua vida normal e conviver com o idoso. Conclui-se acerca da necessidade de acolhimento aos agressores com a finalidade de ajudá-los a ressignificar a experiência da violência.

  10. Qualidade de vida e fatores associados em idosos de um Centro de Referência à Pessoa Idosa

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lívia Carvalho Viana Miranda

    Full Text Available Resumo Estudos têm avaliado a qualidade de vida (QV em grupos diversos, entretanto, relatos em usuários de Centro de Referência à Pessoa Idosa são escassos. A pesquisa visou identificar fatores associados à boa QV de idosos de um Centro de Referência, em Belo Horizonte, MG. Estudo transversal com 257 idosos, usuários do Centro de Referência. Adotou-se o instrumento World Health Organization Quality of Life Assessment versão breve (WHOQOL-bref para avaliação da QV dos idosos. A análise foi racionalizada por meio da definição de dois grupos em relação à percepção da QV e satisfação com a saúde. Análise de regressão logística foi realizada para avaliar a direção e a magnitude das associações de cada variável independente com a QV. Os resultados mostraram que a maioria (63,4% dos idosos consideravam sua QV boa e encontravam-se satisfeitos com sua saúde. O domínio ambiental obteve pior escore (média = 14,4. Idade avançada, ser natural do interior de MG, atividade física, diabetes melito, doenças osteomusculares, hipertensão arterial e depressão permaneceram independentemente associados à QV e à satisfação com a saúde após ajuste do modelo. Os dados obtidos permitem orientar estratégias de cuidado aos idosos mais vulneráveis, com especial atenção às questões que interferem no meio ambiente.

  11. Prevalência de transtornos ansiosos e algumas comorbidades em idosos: um estudo de base populacional

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mayara B. Machado

    2016-03-01

    Full Text Available RESUMO Objetivo Avaliar a prevalência de transtornos ansiosos e fatores associados em uma amostra populacional de idosos do Sul de Santa Catarina. Métodos Estudo transversal com base em dados populacionais, que avaliou 1.021 indivíduos idosos entre 60 e 79 anos. Foram realizadas entrevistas domiciliares para aferição de variáveis sobre transtornos ansiosos, por meio do questionário MINI, dados sociodemográficos, hipertensão arterial sistêmica (HAS, infarto agudo do miocárdio (IAM e dosagem de colesterol. Resultados As prevalências entre os transtornos ansiosos foram de 22,0% para o transtorno de ansiedade generalizada (TAG; 14,8% para fobia social (FS; 10,5% para transtorno do pânico (TP; e 8,5% para o transtorno obsessivo-compulsivo (TOC. Além disso, 40,5% dos indivíduos apresentaram pelo menos um transtorno de ansiedade. A distribuição dos transtornos foi semelhante nos dois gêneros; TAG foi mais prevalente nos indivíduos de menor escolaridade; TOC foi mais presente em indivíduos casados ou em união estável. Em relação às variáveis clínicas, HAS foi associada à presença de TOC; FS foi associada com IAM; TOC e FS foram associados com HDL > 40 mg/dL. Conclusão Os dados demonstram que os quadros de ansiedade são muito frequentes em idosos da comunidade, se sobrepõem de forma significativa e estão associados a algumas variáveis clínicas cardiovasculares.

  12. Consumo de medicamentos por idosos segundo prescrição médica em Jaú-SP

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A. C. Marques

    2009-01-01

    Full Text Available

    Realizou-se este trabalho com o objetivo de conhecer as interações medicamentosas mais freqüentemente ocorridas no consumo de medicamentos por prescrição médica entre os idosos atendidos na rede municipal de saúde de Jaú-SP. Sabe-se que são os idosos que convivem mais freqüentemente com problemas crônicos de saúde, o que os leva a uma maior utilização de serviços de saúde e a um elevado consumo de medicamentos. Na presença de doenças concomitantes e na conseqüente prática da politerapia, aumenta a probabilidade de ocorrência de reações adversas e interações medicamentosas. A população estudada foi de 148 idosos com 65 anos ou mais, que compareceram à farmácia do Núcleo de Gestão Assistencial (NGA-25 da cidade de Jaú, no período de agosto a dezembro de 2004. Os dados foram coletados através da prescrição médica e as variáveis estudadas foram o sexo e a idade. Quanto aos medicamentos foram classificados, segundo a classe farmacológica e as interações medicamentosas.Como resultados observouse que consumo de medicamentos segundo o sexo foi de 3,8 medicamentos entre as mulheres e 3,9 entre os homens. Quanto a idade, o maior consumo foi no grupo de 75 a 84 anos, com 4,2 medicamentos. As classes terapêuticas mais prescritas, em ordem decrescente de ocorrência, foram: anti-hipertensivos, 25,0%, cardioterápicos, 15,5%, diuréticos, e antidiabéticos, 10,7%. Concluiu-se que as classes terapêuticas mais envolvidas com interações foram os cardioterápicos, diuréticos e antihipertensivos. Os princípios ativos mais problemáticos foram digoxina, amiodarona, furosemida, captopril, propranolol e nifedipina. Palavras-chave: Consumo medicamento, prescrição medicamento, idosos, interações medicamentos.

  13. Aspectos estruturais e funcionais do apoio social de idosos do Município de São Paulo, Brasil

    OpenAIRE

    Rosa,Tereza Etsuko da Costa; Benício,Maria Helena D'Aquino; Alves,Maria Cecília Goi Porto; Lebrão,Maria Lúcia

    2007-01-01

    Este trabalho teve como objetivo descrever a distribuição das redes sociais e de apoio em idosos no Município de São Paulo, Brasil, por características sócio-econômicas e demográficas. Estudou-se amostra probabilística de 1.568 idosos (60 ou mais anos) da cidade de São Paulo (inquérito sobre Saúde, Bem-estar e Envelhecimento - SABE), focalizando-se as dimensões estruturais e funcionais das redes sociais. Para a análise dos dados utilizou-se a regressão logística simples e múltipla. As melhore...

  14. Efeitos de diferentes modalidades de treinamento físico e do hábito de caminhar sobre o equilíbrio funcional de idosos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carla Helrigle

    Full Text Available INTRODUÇÃO: As alterações do equilíbrio corporal estão entre as queixas mais comuns da população idosa e constituem um problema médico de grande relevância. OBJETIVO: Comparar a influência da prática de diferentes modalidades de treinamento físico e do hábito de caminhar sobre o equilíbrio funcional de idosos residentes em Jataí, Goiás. MATERIAIS E MÉTODOS: Fizeram parte desta pesquisa 135 idosos divididos em cinco grupos de acordo com o hábito de caminhar e com a modalidade de treinamento físico praticada: sedentários inativos (n = 39, sedentários ativos (n = 37, hidroginástica (n = 25, musculação (n = 10 e caminhada (n = 24. O equilíbrio funcional foi avaliado a partir do resultado atingido na Escala de Equilíbrio de Berg (EEB. Os dados foram expressos em valores de média e desvio do erro padrão e comparados entre si por meio da Análise de Variância One-Way seguida do teste post-hoc Tukey (p < 0,05, utilizando-se o software SPSS 12.0. RESULTADOS: Os idosos sedentários inativos e ativos atingiram valores de 48,89 ± 0,87 e 52,45 ± 0,47, respectivamente na EEB. Os idosos treinados praticantes de hidroginástica obtiveram escore de 54,04 ± 0,33, os praticantes de musculação 53 ± 0,52 e os praticantes de caminhada de 53,45 ± 0,51. A análise estatística mostrou que tanto os indivíduos sedentários ativos quanto os idosos treinados obtiveram maior valor atingido na EEB em comparação com os sedentários inativos (p < 0,05. Não foram observadas diferenças estatísticas entre os diferentes grupos de idosos treinados e nem destes com o grupo de idosos sedentários ativos. CONCLUSÃO: Tanto o hábito de caminhar quanto a prática regular da caminhada, da musculação e da hidroginástica por mais de seis meses, aumentam o equilíbrio funcional dos idosos.

  15. Avaliação da funcionalidade de idosos institucionalizados: relação entre a MIF e a ICF

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tania Cristina Malezan Fleig

    2017-06-01

    Full Text Available Objetivo: demonstrar através da Medida de Independência Funcional (MIF, as características funcionais de idosos em instituições de longa permanência para idosos (ILPI’s, identificando a possível relação deste instrumento com a Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde (ICF. Método: trata-se de um estudo transversal, com 55 idosos institucionalizados com idade média de 79,7±10,2 anos. A capacidade funcional foi avaliada através da MIF, sendo os domínios deste instrumento relacionados com as categorias da ICF. Cada idoso foi qualificado, quanto às limitações funcionais conforme a ICF. A análise de dados foi descrita em média, desvio padrão e frequência. Resultados: 72,7% dos idosos eram do sexo feminino, sendo a doença de Alzheimer o diagnóstico mais observado (45,4%. No que diz respeito à capacidade funcional, houve um predomínio de idosos com independência completa (47,3%. Na relação das categorias da ICF, com os domínios do instrumento de avaliação funcional, mostrou-se positiva em todos os itens. Considerações finais: os resultados indicam que os idosos em questão apresentavam independência completa para realizar suas atividades de vida diária. Além disso, a relação do instrumento de avaliação funcional com a ICF possibilitou-nos uma visão ampliada sobre o processo de envelhecimento de uma população de idosos institucionalizados, principalmente no componente Atividade e Participação, podendo ser utilizada como indicadora para o desenvolvimento de estratégias e propostas de intervenções que favoreçam a demanda clínica e pessoal destes idosos.

  16. Diferenciais de gênero no impacto do arranjo familiar no status de saúde dos idosos brasileiros

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Romero Dalia E.

    2002-01-01

    Full Text Available Analisam-se os diferenciais por gênero na relação do arranjo familiar com o status de saúde de pessoas com 65 anos ou mais, incorporando também fatores socioeconômicos e sociodemográficos. Utilizam-se dados da PNAD de 1998. Foram desenvolvidos diversos modelos de regressão logística para duas variáveis dependentes: auto-avaliação da saúde e declaração de doenças. Os fatores explicativos (área rural/urbana, idade, renda per capita, analfabetismo, arranjo familiar e condição no domicílio foram incorporados seqüencialmente para avaliar as mudanças da inter-relação. Encontrou-se que, embora as mulheres tenham mais desvantagem quanto à declaração de doenças, a auto-avaliação da condição de sua saúde é relativamente similar à dos homens. Os diferenciais de gênero no padrão de arranjo familiar dos idosos são em parte responsáveis pela desvantagem no status de saúde das mulheres. Conclui-se que a formulação de políticas para o melhoramento do status de saúde do idoso deve considerar a existência de importantes diferenças de gênero no padrão da estrutura e arranjo de suas famílias. Existe necessidade de maior disponibilidade de inquéritos para idosos, que permitam aprofundamento na relação entre saúde do idoso, gênero e família.

  17. Diferenciais de gênero no impacto do arranjo familiar no status de saúde dos idosos brasileiros

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Dalia E. Romero

    Full Text Available Analisam-se os diferenciais por gênero na relação do arranjo familiar com o status de saúde de pessoas com 65 anos ou mais, incorporando também fatores socioeconômicos e sociodemográficos. Utilizam-se dados da PNAD de 1998. Foram desenvolvidos diversos modelos de regressão logística para duas variáveis dependentes: auto-avaliação da saúde e declaração de doenças. Os fatores explicativos (área rural/urbana, idade, renda per capita, analfabetismo, arranjo familiar e condição no domicílio foram incorporados seqüencialmente para avaliar as mudanças da inter-relação. Encontrou-se que, embora as mulheres tenham mais desvantagem quanto à declaração de doenças, a auto-avaliação da condição de sua saúde é relativamente similar à dos homens. Os diferenciais de gênero no padrão de arranjo familiar dos idosos são em parte responsáveis pela desvantagem no status de saúde das mulheres. Conclui-se que a formulação de políticas para o melhoramento do status de saúde do idoso deve considerar a existência de importantes diferenças de gênero no padrão da estrutura e arranjo de suas famílias. Existe necessidade de maior disponibilidade de inquéritos para idosos, que permitam aprofundamento na relação entre saúde do idoso, gênero e família.

  18. Utilização de medicamentos e risco de interações medicamentosas em idosos atendidos pelo Programa de Atenção ao Idoso da Unijuí

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aline Mafalda

    2010-06-01

    Full Text Available

    Idosos utilizam elevado número de medicamentos, apresentando alto potencial para desenvolver interações medicamentosas. Objetivou-se verificar o perfil de utilização de medicamentos e conhecer possíveis interações medicamentosas em idosos acompanhados pelo Programa de Atenção ao Idoso (PAI da Unijuí. Os dados foram coletados em julho de 2009. Classificaram-se os medicamentos no sistema Anatomical Therapeutic Chemical e possibilidades de interações segundo Drug Interaction Facts. De março/2008 até julho/2009 o PAI atendeu 31 idosos, estando 16 em acompanhamento, os quais apresentaram média de 78,4 ± 6,8 anos e utilizaram 83 medicamentos, com média de 5,2 ± 3,7/ idoso. Os fármacos mais prevalentes foram os que atuam no aparelho cardiovascular, no sistema nervoso e para o trato alimentar e metabolismo. Verificaram-se 36 possíveis interações entre 9 pacientes, com média de 4/idoso. O fármaco mais envolvido foi digoxina. Quanto a classificação, 4 apresentaram nível de significância 1, dez nível 2, cinco nível 3, sete nível 4 e dez nível 5. O número de possíveis interações verificadas foi expressivo, entretanto nem todos os idosos apresentarão reações relacionadas às interações, mas apresentaram o risco. Portanto, é importante que prescritores conheçam a influência de um fármaco sobre outro. Seria necessário treinamento intensivo para intervenção farmacêutica, sendo o relacionamento com o médico indispensável. Palavras-chave: Idosos. Programa de Atenção ao Idoso. Uso de medicamentos. Interações medicamentosas. ABSTRACT Use of medications and risk of drug interactions in the elderly population at the Elderly Care Program in Unijuí Elderly people take a large number of medicines, entailing a high risk of developing drug interactions. The aim was to study the profile of medicines prescribed and the possible drug interactions in the public Elderly Care Program (PAI run at Uniju

  19. Avaliação da composição molecular da cápsula anterior da lente de cães idosos com catarata de alto risco

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Paula Hvenegaard

    Full Text Available Resumo: Atualmente, a cápsula anterior e o epitélio da lente tem sido cada vez mais estudados, com o intuito de reduzir as possíveis complicações do pós-operatório da remoção da catarata, tal como a opacidade da cápsula posterior, alteração ocasionada principalmente pela diferenciação e migração das células do epitélio lenticular para a cápsula posterior da lente. O objetivo deste estudo foi analisar a composição molecular da cápsula anterior da lente pela técnica histoquímica de PAS (avaliação de proteoglicanos e picrosirius red (avaliação de colágeno IV, em cães idosos com catarata diabética e não diabética do tipo hipermadura, submetidos ao uso ou não de azul de tripano a 0,1 % durante a facoemulsificação. Vinte e sete cães foram estudados, incluindo 21 fêmeas e 6 machos, de 8 a 12 anos de idade (média = 9,6 anos, de diversas raças e divididos em 2 grupos: GC (catarata hipermadura e GCD (catarata diabética. Os resultados das análises realizadas mostraram que ambas as amostras, tanto as provenientes das cataratas hipermaduras, quanto das diabéticas, apresentam semelhante composição molecular de proteoglicanos e colágeno IV e isto independente da utilização de azul de tripano a 0,1 %. Conclui-se, portanto, que se os resultados obtidos forem decorrentes de alterações provocadas pelo rápido metabolismo da catarata diabética e pela cronicidade da catarata hipermadura sugere-se que o comprometimento da estrutura capsular seja de intensidade equivalente e, por consequência, que isto também possa prejudicar o metabolismo das células do epitélio anterior da lente, diminuindo assim a incidência da opacidade da cápsula posterior de cães com catarata diabética e hipermadura submetidos à facoemulsificação.

  20. Idosos on-line: exemplo de metodologia de inclusão digital

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tiago Nascimento Ordonez

    2013-05-01

    Full Text Available Pretendeu-se, com este estudo, organizar uma oficina de introdução à informática, intitulada Idosos On-line. A oficina foi organizada em cinco módulos: (1 Conhecendo o computador, (2 Atividades com o mouse, (3 Atividades com o Teclado, (4 Internet e (5 E-mails. As atividades foram desenvolvidas durante 15 semanas, com um encontro semanal de duas horas de duração. Os participantes da oficina de informática foram inicialmente entrevistados por meio de um questionário sociodemográfico e, no término do curso, foram avaliados através de um roteiro com cinco tarefas relacionadas ao conteúdo ministrado no decorrer do curso. Os idosos também responderam a um questionário semiestruturado que abordou questões referentes à satisfação, avaliação e atitudes em relação à oficina de informática. Participaram deste estudo 22 idosos, 15 mulheres e 7 homens. As médias e desvios-padrão (DP de idade e escolaridade encontradas foram 67,55 (4,37 e 8,64 (4,10, respectivamente. Diante das tarefas propostas no final da oficina, a maioria dos participantes obteve bom desempenho, bem como altos índices de satisfação com a oficina. As variáveis como idade, escolaridade e renda desempenharam forte influência no desempenho dos participantes. Sendo assim, a introdução de horas extras de treino pôde gerar impactos positivos, pois, através do treino, idosos mais velhos, com menor renda e menos escolarizados terão um desempenho similar aos demais integrantes da oficina. No presente estudo, os resultados apresentados sugerem que a aquisição de novos conhecimentos e o uso de uma nova ferramenta que é o computador ligado à Internet promove ganhos positivos relativos à inclusão digital em idosos.

  1. Prescrição de exercícios físicos para idosos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sheilla Tribess

    2005-12-01

    Full Text Available O presente estudo tem como objetivo investigar a prescrição de exercícios para idosos, constante na literatura em língua portuguesa, sob forma de livros, periódicos, anais e publicações eletrônica. Para tanto, procurou-se coletar dados quanto aos seguintes aspectos: a Impacto do envelhecimento no organismo humano; b Avaliação dos componentes da aptidão funcional; e, c Composição de um programa de exercício físico. O processo de envelhecimento evidencia mudanças nos níveis antropométrico, neuromuscular, cardiovascular, pulmonar, neural, além da diminuição da agilidade, coordenação, equilíbrio, flexibilidade, mobilidade articular e aumento na rigidez de cartilagem, tendões e ligamentos. Essas mudanças associadas ao baixo nível de atividade física nos idosos levam ao declínio da capacidade funcional. A avaliação do nível de dependência funcional torna-se importante ao idoso, pois proporcionará uma prescrição de exercícios físicos mais direcionada as suas reais necessidades, aumentando a efetividade do programa e reduzindo os riscos. Os princípios gerais para a prescrição de exercícios físicos para idosos fundamentam-se na modalidade(s apropriada, intensidade, duração, freqüência e progressão da atividade física, com o objetivo de melhorar a qualidade de vida, minimizar as alterações fisiológicas, melhorar a capacidade motora e proporcionar benefícios sociais, psicológicos e físicos. Portanto, na prescrição de exercícios físicos para idosos é necessário o treinamento da capacidade cardiorespiratória, da força, do equilíbrio, do tempo de reação e movimento e da agilidade

  2. Consumo de nutrientes em idosos residentes em Porto Alegre (RS, Brasil: um estudo de base populacional

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carina Duarte Venturini

    2015-12-01

    Full Text Available Resumo Para descrever o perfil de consumo de nutrientes e verificar a sua associação com as variáveis sociodemográficas e de saúde, desenvolveu-se um estudo transversal, de base populacional em uma amostra aleatória de 427 idosos residentes em Porto Alegre, Brasil. O consumo alimentar foi avaliado através do Inquérito Recordatório de 24 Horas e Investigação da História Dietética. Dos idosos entrevistados, 70% eram mulheres; 48,5% possuíam entre 60 e 69 anos; 68,8% possuíam menos de 8 anos de escolaridade; 39,0%, renda familiar entre 2 e 5 salários mínimos; e 58,4% não praticava exercício físico. A hipertensão foi a doença mais prevalente, e 54,9% dos idosos estavam abaixo do peso. Os homens consumiam mais calorias, proteínas, fibras, minerais e vitaminas do que as mulheres. O consumo de carboidrato e cálcio aumentou conforme o avanço da idade, assim como diminuiu a ingestão de zinco. A prática de exercício físico elevou o consumo de calorias, magnésio, potássio e fósforo. Quanto maior a escolaridade, maior é o consumo de vitaminas B6 e B12; quanto maior a renda familiar, maior o consumo de vitamina B6 e ácido fólico. Os resultados demonstram que há deficiências nutricionais na alimentação diária da nossa população de idosos, principalmente entre as mulheres e os indivíduos acima de 80 anos.

  3. Queixas e preocupações otológicas e as dificuldades de comunicação de indivíduos idosos Otological complaints and concerns and communication difficulties of aged individuals

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lucila Leal Calais

    2008-03-01

    Full Text Available OBJETIVO: Investigar as queixas e as preocupações otológicas de indivíduos idosos, bem como as dificuldades de comunicação enfrentadas por esta população. MÉTODOS: Foram avaliados 50 idosos (61 a 90 anos de idade, sendo 8 homens e 42 mulheres, que apresentavam configuração audiométrica descendente simétrica. Os pacientes foram submetidos a uma entrevista e testes auditivos. Neste artigo, foram apresentados e discutidos os dados da entrevista e a correlação das queixas otológicas com os graus de perda auditiva. RESULTADOS: A queixa de perda auditiva esteve presente em 70% da amostra e revelou associação com a preocupação quanto à própria perda, com o queixa de dificuldade de comunicação e com a quantidade de situações nas quais a dificuldade é percebida, sendo a presença do ruído de fundo o aspecto mais citado. A queixa de zumbido (52% apresentou associação com a preocupação envolvendo o próprio zumbido, enquanto que a tontura (38%, além de semelhante correlação, revelou associação com a dificuldade de comunicação. Ocorreu uma associação estatisticamente significante do grau da perda nas freqüências baixas e médias com a queixa de perda auditiva e de zumbido, enquanto que nas freqüências altas, além destas correlações, também ocorreu associação estatisticamente significante da perda auditiva com a queixa de dificuldade de comunicação. CONCLUSÕES: Dentre as queixas otológicas, a queixa de perda auditiva foi predominante entre os idosos. A idade e o gênero não influenciaram as queixas e as preocupações otológicas. O grau de perda auditiva influenciou as queixas otológicas de perda auditiva, de zumbido e a dificuldade de comunicação.PURPOSE: To investigate the otological complaints and concerns of aged individuals, as well as the communication difficulties they face. METHODS: Fifty elderly subjects (eight men and 42 women with ages ranging from 61 to 90 years were evaluated. All of

  4. Prevalência de dermatoses em idosos residentes em instituição de longa permanência Prevalence of dermatoses in residents of institutions for the elderly

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sandra Lopes Mattos e Dinato

    2008-12-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Determinar a prevalência das afecções dermatológicas em 75 idosos residentes em instituição de longa permanência na cidade de Santos-SP, e confrontar os achados com revisão da literatura. MÉTODOS: Setenta e cinco idosos foram submetidos a exame dermatológico. Com os dados obtidos calculou-se a prevalência, o número médio por paciente e a freqüência de dermatoses. Foi ainda analisado a distribuição nos subgrupos sexo, raça, faixa etária e nos subgrupos principais de dermatoses. RESULTADOS: O número total de dermatoses diagnosticadas foi 280, o número médio por paciente foi 3,73 e o número total de tipos de dermatoses foi 32. A prevalência das principais dermatoses encontradas foi: melanose solar (53,3%, queratose seborréica (46,6%, onicomicose (37,3%, nevo rubi (33,3%, púrpura senil (29,3%, xerose (14,6%, escabiose (12,0% e neoplasia maligna (1,3%. A distribuição das dermatoses foi 70% (IC95%: 59% a 81% maior no sexo feminino do que no masculino. CONCLUSÃO: Apesar da pequena casuística, os dados obtidos são compatíveis com os poucos relatos disponíveis na literatura. Este estudo de prevalência definiu a distribuição de dermatoses em uma fração da população de idosos. Entretanto, os dados agregados de casuísticas subseqüentes podem permitir tornar os dados mais precisos, cuja relevância é indiscutível na orientação de medidas de saúde individual e coletiva.OBJECTIVE: To determine the prevalence of dermatoses in 75 elderly residents in an institution of long permanence in the city of Santos, and to compare findings with those in literature. METHODS: Seventy five healthy elderly persons were submitted to a dermatological exam. The prevalence, the average number per elderly person and the frequency of dermatoses were calculated from the data collected. An analysis was then made of the distribution in the subgroups of, gender, race, age bracket as well as of dermatosis in the main sub

  5. Mortalidade por doenças cardiorrespiratórias em idosos no estado de Mato Grosso, 1986 a 2006

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cleber Nascimento do Carmo

    2010-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Descrever a evolução temporal da mortalidade por doenças cardiorrespiratórias em idosos. MÉTODOS: Estudo epidemiológico descritivo com delineamento ecológico de séries temporais realizado no estado do Mato Grosso, de 1986 a 2006. Foram utilizados dados sobre doenças dos aparelhos respiratório e circulatório obtidos do Sistema de Informação sobre Mortalidade do Ministério da Saúde. Modelos de regressão linear simples foram ajustados para avaliar a tendência das taxas específicas de mortalidade por grupos específicos de idade (60 a 69, 70 a 79 e 80 ou mais anos e sexo. RESULTADOS: Houve aumento na proporção de óbitos por doenças respiratórias e diminuição por doenças cardiovasculares. Na comparação de taxas entre os sexos, as mulheres apresentaram taxas 15% menores para as causas cardiovasculares e taxas similares ao sexo masculino para as causas respiratórias. Foi observada taxa elevada de mortalidade por doenças respiratórias e cardiovasculares, com importante tendência de incremento entre os grupos mais longevos. Em idosos com idade > 80 anos o aumento anual médio na taxa de mortalidade por doenças respiratórias foi de 1,99 óbitos e de 3,43 por doenças do aparelho circulatório. CONCLUSÕES: O estado de Mato Grosso apresenta elevada taxa de mortalidade por doenças respiratórias e cardiovasculares em idosos, com importante tendência de incremento entre os grupos mais longevos.

  6. Medicamentos que podem induzir prolongamento do intervalo QT utilizados por idosos em domicílio

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Josiane Macêdo Martins

    2015-10-01

    Full Text Available O intervalo QT (iQT, parâmetro eletrocardiográfico, é um biomarcador não invasivo da repolarização ventricular. O aumento do iQT é uma alteração que pode ser de considerável importância clínica, pois predispõe a torsade de pointes e morte cardíaca súbita. O objetivo do presente trabalho é identificar os medicamentos utilizados em domicílio por idosos, que podem induzir o prolongamento do iQT. Trata-se de um estudo quantitativo descritivo exploratório e retrospectivo, realizado em um hospital público de ensino. Foram incluídos 190 idosos com informação sobre uso domiciliar de medicamentos registrada em prontuário. A mediana da idade foi de 69,5 anos, sendo 99 (52,1% mulheres. O número de medicamentos utilizados por paciente em domicílio apresentou mediana de 4,0. Foram identificados 159 fármacos, sendo que 23 (14,5% apresentavam capacidade de induzir prolongamento do iQT. Entre os idosos, 39 (20,5% usavam estes fármacos, sendo os mais prevalentes a amiodarona, amitriptilina, nortriptilina, citalopram e fluoxetina. A hipertensão arterial foi o fator de risco mais frequente dentre aqueles que predispõem a prolongamento do iQT. As utilizações de medicamentos que induzem prolongamento do iQT e a presença de fatores de risco predisponentes mostram que os idosos estão expostos ao risco de desenvolvimento de torsade de pointes. A identificação dos fármacos que induzem prolongamento do iQT, das interações medicamentosas e das condições clínicas que predispõem a esse prolongamento são importantes para garantia da segurança da farmacoterapia de idosos e para evitar eventos adversos graves.Palavras-chave: Prolongamento do intervalo QT. Medicamentos. Idosos. Torsades de pointes. ABSTRACT The QT interval (QTi, an electrocardiographic parameter, is a noninvasive biomarker of ventricular repolarization. Increased QTi is a change that may have clinical importance because predisposes to torsade de pointes and sudden

  7. Auto-relato e relato de informante secundário na avaliação da saúde em idosos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renata Jardim

    2010-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar se o modelo explicativo para a avaliação da saúde do idoso com base no auto-relato é comparável com o modelo de relato do informante secundário e se a auto-avaliação de saúde do informante secundário influencia a avaliação da saúde do idoso. MÉTODOS: Estudo transversal com 230 pares idoso-informante secundário realizado em Belo Horizonte, MG, em 2007. Foram investigadas variáveis sociodemográficas e de saúde dos idosos por meio de entrevista estruturada. Utilizou-se regressão logística múltipla para analisar associação com auto-avaliação da saúde do idoso como ruim e com as informações prestadas pelo informante secundário. RESULTADOS: No modelo com base no auto-relato, a variável mais fortemente associada à avaliação da saúde do idoso como ruim foi a presença de restrições ou incapacidade para realizar atividades relacionadas à vida diária e/ou à mobilidade. No modelo baseado no informante secundário, a variável explicativa mais relevante foi o número de doenças crônicas apresentadas pelo idoso. Além disso, a chance de o informante secundário avaliar a saúde do idoso como ruim foi três vezes maior quando ele auto-avaliou sua saúde da mesma forma. CONCLUSÕES: Os resultados mostram diferenças importantes entre o modelo da avaliação da saúde do idoso com base nas respostas do próprio indivíduo e nas do informante secundário. O idoso tende a valorizar suas restrições ou incapacidade de realizar atividades da vida diária/mobilidade, enquanto o informante secundário tende a valorizar o diagnóstico de doenças crônicas. O informante secundário com pior auto-avaliação da saúde apresenta chance quase três vezes maior de relatar a saúde do idoso da mesma forma. Assim, informações auto-relatadas refletem melhor a condição de saúde do indivíduo do que se relatadas por informantes secundários.

  8. Efeito da utilização de complemento alimentar em idosos atendidos em um ambulatório na cidade de São Paulo

    OpenAIRE

    Borrego, Carolina de Campos Horvat; Cantaria, Juliana dos Santos

    2013-01-01

    OBJETIVO: Verificar o efeito da utilização de complemento alimentar na população idosa atendida pelo setor de nutrição de um ambulatório na cidade de São Paulo, por meio da evolução do peso e do Índice de Massa Corpórea (IMC) desses pacientes. MÉTODOS: A amostra foi composta de idosos com 60 anos ou mais, de ambos os sexos, que fazem uso de complemento alimentar prescrito pelas nutricionistas do setor. As variáveis estudadas foram: gênero, idade, peso, estatura, IMC, patologias mais frequente...

  9. Epidemiologia das lesões traumáticas de alta energia em idosos Epidemiology of high-energy trauma injuries among the elderly

    OpenAIRE

    Márcio Katz; Marcos Antônio Akira Okuma; Alexandre Leme Godoy dos Santos; Cesar Luiz Betoni Guglielmetti; Marcos Hideyo Sakaki; Arnaldo Valdir Zumiotti

    2008-01-01

    O aumento proporcional de idosos na população mundial associado à melhoria nas condições de saúde e suporte preventivo para essa faixa etária, permite forma de vida mais ativa, expondo-os a risco mais elevado de acidentes e traumas de alta energia. Esses pacientes têm características fisiológicas, doenças associadas, padrão comportamental e complicações pós-operatórias que levam a resposta sistêmica diferente dos demais grupos etários. Esse trabalho avaliou prospectivamente 28 pacientes com i...

  10. AVALIAÇÃO DA FUNÇÃO PULMONAR EM IDOSOS TABAGISTAS DE LONGA DATA ATIVOS E INSTITUCIONALIZADOS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nelson Coimbra RIBEIRO NETO

    2016-06-01

    Full Text Available Um importante acometimento decorrente do tabagismo é a doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC, que é reconhecida como importante problema de saúde pública. Para tal, esta pesquisa teve a pretensão de avaliar a função pulmonar em idosos tabagistas de longa data ativos e institucionalizados, por meio de um estudo de campo, exploratório e quantitativo, realizado no Clube da Amizade de Castelo (CLAC e no Lar Vila Feliz, ambos localizados no município de Castelo-ES. Foram formados 2 grupos com N=4 em cada, constituindo um grupo de idosos ATIVOS e outro de idosos ITT (institucionalizados. Os dados coletados nos testes de espirometria e manovacuometria foram tabulados e analisados estatisticamente, adotando-se valor de p<0,05. Não foram observadas diferenças significativas entre as amostras, o que não descarta a necessidade de novas e mais amplas pesquisas na área.

  11. Maneiras de pensar e de agir de idosos frente às questões relativas à funcionalidade/incapacidade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Josianne Katherine Pereira

    2014-08-01

    Full Text Available A funcionalidade é uma dimensão crucial da saúde da pessoa idosa. O objetivo desse trabalho é investigar os elementos que participam da construção dos significados da incapacidade para o idoso residente na cidade de Bambuí (MG. Trata-se de uma abordagem qualitativa na qual o modelo de signos, significados e ações foi utilizado na coleta e análise dos dados. Foram entrevistados 57 idosos (30 mulheres; 27 homens com idades entre 61 e 96 anos, cadastrados nas Unidades Básicas de Saúde (SUS da cidade. Os idosos compreendem a funcionalidade/incapacidade (disease, como o "dar conta/não dar conta" ou "dar trabalho" (illness. "Não dar conta" refere-se às perdas funcionais inexoráveis atribuídas à velhice, enquanto "Dar trabalho" a uma condição definitiva que gera dor e sofrimento à pessoa e a quem dela cuida. As maneiras de lidar com o "não dar conta" passam por se conformar, enquanto com o "dar trabalho", orar. A religiosidade e o conformismo podem ajudar nos momentos de crise; mas, revelam a carência de recursos e de alternativas de apoio e de intervenção nos casos mais graves.

  12. Representações de idosos sobre a vacina da gripe

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Susanne Pinheiro Costa e Silva

    2013-08-01

    Full Text Available O presente estudo objetivou conhecer as representações sociais de saúde e imunização para idosos vacinados/não vacinados com a Influenza. Adotamos como referencial teórico a Teoria das Representações Sociais, tendo cunho qualitativo. A pesquisa foi desenvolvida com trinta idosos, sendo quinze vacinados contra a gripe e quinze não vacinados. Realizou-se entrevista individual, utilizando questionário para caracterização e Teste de Associação Livre de Palavras (TALP como instrumentos de coleta. A análise ocorreu através da Teoria do Núcleo Central, pela ordem das evocações. Os dados revelaram diferenças entre as representações para os dois grupos: os idosos vacinados representaram a saúde como sinônimo de bem-estar, que possibilita a manutenção das atividades cotidianas, e a imunização como algo que protege de diversos males; já aqueles não vacinados definiram saúde como produto da vontade divina, e a vacina como algo que protege, mas que causa variadas reações, o que os desencoraja a utilizá-la. O estudo apontou para a importância de educar em saúde e desmitificar o imaginário sobre esta como também acerca de vacinas, uma vez que hábitos saudáveis precisam ser cada dia mais estimulados, minimizando os altos índices de morbimortalidade evitáveis.

  13. A massagem terapêutica em idosos não comunicantes com doença terminal

    OpenAIRE

    Marques, Cândida Nunes Casimiro, 1957-

    2010-01-01

    Tese de mestrado, Cuidados Paliativos, Faculdade de Medicina, Universidade de Lisboa, 2011 Contexto: A dor é um sintoma comum nos idosos, principalmente nos acamados com doença terminal. Estes doentes estão geralmente polimedicados, pelo que a utilização de meios não farmacológicos como terapêutica complementar da dor poderá ser uma mais-valia no alívio desta sintomatologia. A massagem terapêutica é utilizada desde há milénios no alívio da dor, e é uma das técnicas aplicadas nestes doentes...

  14. O idoso e a institucionalização: Melhoria de vida ou segregação

    OpenAIRE

    Ribeiro, Solange Marisa Figueiredo

    2009-01-01

    Dissertação de Mestrado apresentada ao Instituto Superior de Psicologia Aplicada para obtenção de grau de Mestre na especialidade de Psicologia Clínica. O presente trabalho tem como objectivo analisar a percepção que os idosos possuem acerca da sua qualidade de vida, dos sentimentos de solidão e da depressividade antes e depois da entrada numa instituição. Pretende-se mais especificamente saber se a institucionalização traz melhoria de vida ou se pelo contrário, provoca uma maior ...

  15. Perfil dos idosos usuários das academias ao ar livre para a terceira idade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Wesley Lessa Pinheiro

    2017-03-01

    Full Text Available Objetivo: Descrever o perfil dos idosos usuários das academias ao ar livre para a terceira idade de Fortaleza,Ceará. Métodos: Estudo transversal, envolvendo uma amostra de 374 idosos com idade maior ou igual a 60 anos, realizado entre os meses de outubro de 2015 e abril de 2016, nas academias ao ar livre para a terceira idade em Fortaleza, Ceará. Aplicou-se um questionário contendo questões sobre dados sociodemográficos, condições de saúde e hábitos de vida autorrelatados, e sobre a utilização dos equipamentos. Mensurou-se o peso e a altura para a obtenção do índice de massa corporal (IMC. Resultados: A maioria dos entrevistados era mulher (56,7%, n=212 e com faixa etária entre 60 e 69 anos (66,8%, n=250. As principais condições de saúde autorrelatadas foram hipertensão (40,9%, n=153, colesterol alto (32,4%, n=121 e osteoartrite (26,2%, n=98. Entre os hábitos de vida, o consumo de bebida alcoólica (31,6%, n=118 foi o mais relatado. Verificou-se que 42,8% (n=160 encontrava-se com excesso de peso. A maioria utilizava os equipamentos há mais de um ano (68,2%, n=255, até 30 minutos por dia (49,5%, n=185, cinco ou mais dias durante a semana (51%, n=191, tendo em grande parte percebido melhora na saúde (93,6%, n=350. Conclusão: Os idosos apresentaram um perfil jovem e ativo, cujas condições de saúde de maior prevalência podem ser facilmente manejadas com a prática de atividade física, e apresentam características semelhantes independentemente da situação econômica em que se encontram inseridos.

  16. Fatores terapêuticos identificados em um grupo de Promoção da Saúde de Idosos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alyne Leite Gomes Nogueira

    2013-12-01

    Full Text Available O objetivo do estudo foi identificar fatores terapêuticos presentes em grupo de promoção da saúde de idosos. Estudo descritivo exploratório com abordagem qualitativa, cujos dados foram coletados por meio de grupos focais realizados com participantes do grupo e suas coordenadoras, entre dezembro de 2010 e abril de 2011. Os dados foram submetidos a análise de conteúdo, modalidade temática. Os achados mostraram convergência de respostas entre os participantes da pesquisa, indicando ressonância e complementaridade na identificação dos fatores terapêuticos coesão, instilação de esperança, socialização, compartilhamento de informações, fatores existenciais, altruísmo, aprendizagem interpessoal e universalidade. A identificação desses vários fatores no grupo estudado comprova seu potencial terapêutico, especialmente por atender as necessidades dos idosos, mantê-los saudáveis, fortalecer o sentimento de amor pela vida e pertença a um grupo social.

  17. A Sexualidade Na Velhice: Representações Sociais De Idosos Frequentadores de Um Grupo de Convivência

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kay Francis Leal Vieira

    Full Text Available Resumo Objetivou-se apreender as representações sociais dos idosos acerca da sexualidade. Trata-se de uma pesquisa descritiva com abordagem qualitativa, fundamentada nos aportes teóricos e metodológicos da Teoria das Representações Sociais. Participaram 30 idosos frequentadores de um grupo de convivência localizado em João Pessoa-PB. Foram utilizadas entrevistas em profundidade, cujo conteúdo foi submetido à análise de conteúdo temático. Os conteúdos representacionais abordaram os elementos constituintes da sexualidade, as mudanças decorrentes do envelhecimento, a importância das vivências sexuais para a pessoa idosa, bem como a percepção negativa dessas práticas por parte da sociedade em geral. Observou-se que as representações sociais da sexualidade apresentaram-se de forma semelhante à descrição científica, demonstrando similaridades entre o senso comum e o conhecimento erudito. Acredita-se que este estudo possa contribuir de forma parcimoniosa para a promoção de mudanças de atitudes acerca da sexualidade da pessoa idosa, trazendo benefícios para a qualidade de vida dessa população.

  18. Depressão em idosos: uma revisão sistemática da literatura

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Maraysa Peixoto Lima

    2016-04-01

    Full Text Available Justificativa e objetivos: A depressão é um problema de saúde pública, em que cerca de 154 milhões de pessoas são afetadas mundialmente, e os idosos enquadram-se neste contexto com um percentual de 15% de prevalência para algum sintoma depressivo. O presente estudo teve como objetivo investigar como a literatura vem abordando as principais causas de depressão nos idosos. Método:Através de uma revisão sistemática da literatura, realizada nos meses de janeiro a abril de 2015, em que os dados foram organizados em categorias e analisados através da literatura pertinente. Resultado:Os resultados evidenciaram o principal perfil dos idosos acometidos pela depressão, formas de tratamentos, chegada ao serviço de saúde e comorbidades associadas. A pesquisa também mostrou a importância do estímulo ao autocuidado, ativação e engajamento das pacientes e familiares em atividades educativas, treinamento profissional de saúde e ampliação do sistema como fatores importantes ao cuidado destes usuários. Conclusão:Concluindo-se que os profissionais de saúde que lidam com essa faixa etária devem estar atentos aos sinais e sintomas da depressão, além de estarem constantemente se capacitando para atender as demandas de uma assistência eficaz e de qualidade, estimulando também métodos não farmacológicos de alívio dos sintomas, sabendo identificar o perfil destes idosos e quais as comorbidades associadas a depressão mais comuns.

  19. Uso de digital em idosos admitidos em unidade de geriatria de um hospital geral

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cunha Ulisses Gabriel de Vasconcelos

    1998-01-01

    Full Text Available OBJETVO: Detectar a freqüência da prescrição do digital, assim como as suas indicações, em idosos admitidos em unidade de geriatria de um hospital geral. MÉTODOS: Foram investigados, consecutivamente, 130 pacientes não selecionados, de ambos os sexos (100 mulheres e 30 homens, com idades > ou = 65 (média 80±9 anos. Os pacientes foram avaliados através de exame clínico completo, rotina básica de sangue, radiografia simples de tórax, eletrocardiograma e ecocardiograma Doppler. Baseados na avaliação clínica e exames complementares, o uso do digital foi considerado adequado, questionável ou inadequado. RESULTADOS: Estavam em uso de digital 27,6% dos pacientes. A indicação foi considerada adequada em 36,1%, questionável em 11,1% e inadequada em 52,7%. CONCLUSÃO: Uma alta prevalência de prescrição do digital foi detectada nos idosos admitidos, sendo que a maior parte a adotava por razões consideradas inadequadas ou questionáveis. Devido ao risco aumentado de intoxicação digitálica nessa faixa etária, a droga deveria ser prescrita sob indicações mais criteriosas.

  20. Perfil do idoso acusado de cometer crime

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sérgio Vieira Brandão

    2017-06-01

    Full Text Available É verdade que o idoso, muitas vezes, é vítima de diversas formas de agressões, mas também é agente da prática de delitos. Por meio de pesquisa documental realizada em 2013 com todos os boletins de ocorrência registrados na delegacia de polícia de Imbé, Rio Grande do Sul, Brasil, realizamos análise estatística e evidenciamos o perfil do idoso acusado de cometer crime e os tipos de crimes cometidos. No período pesquisado, 3,28% do total de idosos de Imbé foi acusado de cometer algum tipo de crime. Este artigo recomenda uma ação contínua e integrada da rede de saúde e de segurança pública com as demais áreas sociais para antecipar situações de risco para idosos (e comunidade em geral, de modo a promover a cidadania, gerenciar conflitos e reduzir a violência urbana. It is genuine that the elderly frequently are victims of several kinds of hostility, but the fact remains that he or she, too, is also an agent of the committal of criminal offenses. Through documentary research realized in 2013 with the total occurrences bulletins registered in police stations in Imbé, Rio Grande do Sul, Brazil, we realize statistical analysis and show the profile of the elderly accused of committing crime and the types of crimes committed. In the period surveyed, 3.28% of the total number of elderly of Imbé was accused of committing some type of crime. Profile of the Elderly Accused of Committing Crime recommends a continuous and integrated action of the health and public safety network with the other social areas to anticipate risk situations for the elderly (and the community in general, in order to promote citizenship, manage conflicts and reduce urban violence. Keywords: violence, seniors, aging, public health, crime

  1. Iatrogenia em pacientes idosos hospitalizados Iatrogeny in hospitalized elderly patients

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eurico T. Carvalho-Filho

    1998-02-01

    Full Text Available Analisar as complicações iatrogênicas apresentadas por idosos hospitalizados. Estudo retrospectivo dos prontuários de 96 pacientes, 48 do sexo masculino e 48 do feminino, com idades variando de 60 a 93 anos (média: 75,7 anos, hospitalizados durante o ano de 1995 em enfermaria geriátrica. A análise da evolução dos pacientes durante o período de hospitalização permitiu evidenciar: 1 em 42 (43,7% pacientes ocorreram uma ou mais complicações iatrogênicas, num total de 56 episódios; 2 manifestações relacionadas aos procedimentos diagnósticos corresponderam a 17,9% das iatrogenias; 3 alterações relacionadas às medidas terapêuticas corresponderam a 58,9%, sendo 32,1% referentes à terapêutica farmacológica e 26,8% a outros procedimentos terapêuticos; 4 manifestações iatrogênicas não relacionadas diretamente às afecções (úlceras de decúbito, quedas e fraturas corresponderam a 23,2%; 5 a presença de manifestações iatrogênicas correlacionou-se com período mais prolongado de internação; 6 cinco pacientes faleceram em conseqüência direta de complicações iatrogênicas. A iatrogenia é freqüente em pacientes idosos hospitalizados, podendo determinar manifestações graves e mesmo fatais. Como uma significativa proporção dessas complicações pode ser evitada através de medidas adequadas, deve-se procurar identificar suas causas e desenvolver métodos para previni-la ou reduzir seus efeitos.PURPOSE: To evaluate the iatrogenic complications in hospitalized elderly patients. MATERIAL AND METHOD: Review of the medical records of 96 patients, 48 men and 48 women, aged 60 to 93 years (75.7 years on average, hospitalized in a geriatric ward during 1995. RESULTS: The study of the medical records of the patients showed: 1 forty-two (43.7% of the elderly had one or more iatrogenic illnesses, with a total of 56 occurrences; 2 complications due to diagnostic tests corresponded to 17.9% of the iatrogenic disorders; 3

  2. Perfil de utilização de medicamentos por idosos frágeis institucionalizados na Zona da Mata Mineira, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Romário Costa Fochat

    2012-08-01

    Full Text Available O objetivo desse estudo foi identificar o perfil de utilização de medicamentos por idosos frágeis institucionalizados, o uso de fármacos potencialmente inadequados e as possíveis interações medicamentosas. Participaram 122 idosos, os quais tiveram suas fichas pessoais e receituários consultados. Os medicamentos foram classificados segundo o Anatomical Therapeutic Chemical System e, para identificar aqueles potencialmente inadequados, foram utilizados os critérios de Beers-Fick. As possíveis interações foram estabelecidas com o auxílio do Micromedex e outras fontes. Observou-se que 68,0% dos idosos eram mulheres, 55,7% possuíam 80 anos ou mais e 67,2% encontravam-se polimedicados. As doenças do aparelho circulatório (27,0% foram as mais prevalentes, enquanto a maior parte dos medicamentos (38,8% atuava no sistema nervoso. Verificou-se 219 possíveis interações e 58 medicamentos potencialmente inadequados (7,8%. Essas constatações sinalizam algumas falhas na prescrição e evidenciam a necessidade da revisão dos esquemas terapêuticos, visando seu uso racional, seguro e efetivo.

  3. Adultos idosos e redes sociais: que motivação? Que aprendizagem?

    OpenAIRE

    Patrício, Maria Raquel; Osório, António

    2013-01-01

    As redes sociais já não são novidade para a maioria das pessoas. Crianças, jovens, adultos e idosos aderem, cada vez mais, a esta forma de comunicação, interação, publicação e partilha online. As redes sociais implementaram-se de tal forma na sociedade que uma grande parte da população adulta idosa, mesmo não tendo um perfil nestas redes, tem conhecimento da sua existência e manifesta curiosidade em aprender a usá-las. Neste sentido, formulamos as seguintes questões: qual a motivação dos adul...

  4. Perfil funcional, sociodemográfico e epidemiológico de idosos hospitalizados por fratura proximal de fêmur

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Danielle Ferreira Santana

    2015-05-01

    Full Text Available A fratura proximal de fêmur (FPF está relacionada a altos índices de morbidade e a grande impacto sobre a capacidade funcional do idoso. O objetivo do estudo foi traçar o perfil funcional de pacientes idosos hospitalizados por FPF, analisando os tipos de fraturas, o mecanismo causal, e as características físicas e funcionais prévias ao evento. Trata-se de um estudo do tipo observacional, quantitativo, de corte transversal, cujos participantes eram pacientes hospitalizados por FPF. Foi utilizada uma Ficha de Registro para coletar os dados sociodemográficos. O grau de independência funcional e a capacidade de marcha prévia à FPF foram avaliados respectivamente pelo Índice de Barthel, o Questionário de Pfeffer e a Classificação Funcional da Marcha Modificada. A amostra foi constituída por 32 idosos com média de idade de 79 (± 9,5 anos e uma predominância do sexo feminino (71,8%, de cor parda (43,8% e baixa escolaridade. A maioria não morava sozinho e faziam uso de algum medicamento. Os idosos participantes, previamente à fratura, eram independentes para as atividades básicas da vida diária (ABVD, dependentes para as atividades instrumentais da vida diária (AIVD e não utilizam dispositivos para locomoção. A queda foi a principal causa da FPF, sendo as mais prevalentes a fratura de colo de fêmur (FCF e a fratura transtrocantérica (FTT. As comorbidades, os medicamentos, os fatores sociodemográficos, o deficit de marcha e a dependência funcional, podem estar associados à ocorrência de FPF em idosos.  

  5. Violência contra o idoso no estado de Minas Gerais: análise das notificações em 2009-2012.

    OpenAIRE

    Rezende, Mariana Marquez de

    2013-01-01

    Nos últimos quarenta anos, a população idosa foi a que mais cresceu no Brasil. Pelas suas características de maior fragilidade e vulnerabilidade fisiológica, o idoso se torna vítima em potencial para a violência crescente do dia a dia. A crescente busca por dados sobre a violência contra idosos aparece como ação promissora de transformação de políticas públicas voltadas ao tema e de abertura para o diálogo entre as esferas governamentais e sociedade visando amenizar esta situação. Para um ade...

  6. Incapacidade funcional e idosos: um desafio para os profissionais de saúde = Functional incapacity and the aged: a challenge to health care professionals

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bonardi, Gislaine

    2007-01-01

    Conclusões: a saúde não é mais medida pela presença ou não de doenças, e sim pelo grau de preservação da capacidade funcional. O declínio do estado fisiológico e psicológico, prevalente nos idosos, resulta na dificuldade de manter a homeostasia corporal em face à exacerbação das doenças crônicodegenerativas. Um dos desafios dos profissionais de saúde é aprender a trabalhar de forma interacional e integrada na prevenção e tratamento da incapacidade funcional em idosos

  7. Vitaminas B12, B6, B9 e homocisteína e sua relação com a massa óssea em idosos

    OpenAIRE

    Coussirat,Caroline; Batista,Caroline; Schneider,Rodolfo Herberto; Resende,Thais de Lima; Schwanke,Carla Helena Augustin

    2012-01-01

    O número de idosos nos últimos anos tem apresentado incremento em todo o mundo, o que acaba gerando inúmeras preocupações com a saúde dessa população, já que nessa fase da vida as alterações fisiológicas os tornam mais propensos a doenças, principalmente as crônicas não-transmissíveis. A osteoporose, uma doença osteometabólica frequente nos idosos, torna-se alvo de importantes estudos, uma vez que suas consequências afetam tanto a saúde física quanto a psicossocial. Contudo, são diversos os f...

  8. Parâmetros motores e envelhecimento: um estudo de idosos de 60 a 83 anos de Ivoti, RS = Motor parameters and ageing: a study of elderly aged from 60 to 83 years from Ivoti, RS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Piccoli, João Carlos Jaccottet

    2009-01-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi traçar o perfil motor de idosos de 60 a 83 anos, residentes na cidade de Ivoti, RS, estratificados por gêneros e faixa etária (60 a 70 e acima de 70. Na investigação, de tipo descritivo, participaram 202 idosos, 140 do gênero feminino e 62 do masculino, selecionados por conveniência, submetidos à Escala Motora para a Terceira Idade de Rosa Neto (2002, que avaliou as seguintes variáveis: Motricidade Fina, Coordenação Global, Equilíbrio, Esquema Corporal e Rapidez, Organização Espacial e Organização Temporal. A análise estatística foi através do teste “t” de Student a partir do programa SPSS, versão 16. 0 para Windows. Os idosos do gênero masculino entre 60 e 70 anos, classificaram-se, predominantemente, entre os níveis motores “normal baixo” e “alto” e os de maior idade, entre “normal médio” a “muito inferior”. Já as mulheres de ambos os grupos etários se classificaram num nível motor que variou de “normal médio” a “muito inferior”. Comparando-se os resultados médios dos idosos nos testes, entre as faixas etárias, observaram-se resultados superiores no grupo de 60 a 70 anos, quando comparados aos de maior idade (p D 0,05. Concluiu-se que os homens apresentaram resultados superiores aos das mulheres em todos os testes, com exceção do equilíbrio e organização temporal, nos idosos acima de 70 anos

  9. Iron deficiency in the elderly Deficiência de ferro no idoso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sandra F. M. Gualandro

    2010-06-01

    Full Text Available Anemia is a common problem in the elderly and is associated with significant morbidity and mortality. More than 10% of all individuals above the age of 65 have anemia. Because an increasing proportion of the world's population is aged 65 and older, it is inevitable that the prevalence of anemia will increase in the future. Thus, early diagnosis of anemia is important to prevent the condition from worsening, to slow disease progression, and improve outcomes in patients. The WHO definition of anemia (hemoglobin concentration Anemia é comum em idosos e é associada a significante morbidade e mortalidade. Mais de 10% dos indivíduos acima de 65 anos tem anemia. Com uma proporção crescente da população mundial atingindo idade igual ou superior a 65 anos, a prevalência de anemia certamente aumentará no futuro. O diagnóstico precoce é importante para prevenir piora do quadro, diminuir progressão da doença e melhorar a evolução dos pacientes. Os critérios mais utilizados em estudos epidemiológicos para definir anemia em idosos são os da OMS (hemoglobina<12 g/dL para mulheres e hemoglobina <13 g/dL para homens. Aproximadamente um terço dos idosos com anemia tem deficiência de ferro, folato e/ou vitamina B12, um terço tem insuficiência renal e/ou inflamação crônica e o terço remanescente tem anemia inexplicada. A anemia ferropênica é microcítica e hipocrômica e caracteriza-se por baixos níveis de ferritina sérica, capacidade total de ligação de ferro do plasma aumentada, saturação da transferrina diminuída, concentração do receptor solúvel da transferrina elevada e ausência de ferro na medula óssea. É causada geralmente por perda de sangue pelo trato gastrointestinal devido a gastrite, úlceras, câncer de colo ou angiodisplasia. Anormalidades do trato gastrointestinal podem ser identificadas na maioria dos pacientes. Em alguns casos, ingestão ou absorção inadequada de ferro pode contribuir para a anemia

  10. Modelos de serviços hospitalares para casos agudos em idosos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Coelho Filho João Macedo

    2000-01-01

    Full Text Available Embora a atenção ao idoso seja uma prioridade emergente no Brasil, pouca ênfase tem sido dada a modelos de organização de serviços hospitalares para pacientes geriátricos. São revisados modelos de serviços hospitalares para admissão e manuseio de casos agudos em idosos, com ênfase na discussão sobre o papel e o posicionamento da medicina geriátrica (incluindo sua interface com especialidades e com a clínica médica no âmbito da atenção hospitalar. Foi realizada pesquisa na base de dados Medline (1989-1999, bem como nos principais livros-texto de geriatria e de gerontologia, buscando identificar descrições de serviços hospitalares para cuidado agudo de pacientes idosos. As características dos modelos identificados foram compiladas e descritas à luz de sua adequação à realidade dos serviços de saúde no Brasil. Exemplos de intervenções em geriatria, com efetividade demonstrada através de revisões sistemáticas, foram também citadas. Os modelos mais freqüentemente relatados foram cuidado prolongado, tradicional, baseado na idade cronológica, não especializado e integrado. Adaptações e variantes de alguns desses modelos foram freqüentemente relatadas, assim como seu impacto potencial na efetividade do cuidado geriátrico. Evidências sobre o melhor modelo a seguir não foram identificadas, mas aqueles modelos favorecendo a integração da geriatria com a clínica geral pareceram mais adequados à nossa realidade. Ressalta a necessidade de reestruturação de serviços de saúde para responder às novas demandas que surgem com o envelhecimento da população, bem como do delineamento de serviços hospitalares para casos agudos, importantes para a efetividade do cuidado geriátrico e que devem ser objeto de maior debate e pesquisa no Brasil.

  11. Condutas pós-manobra de Epley em idosos com VPPB de canal posterior Conduct after Epley's maneuver in elderly with posterior canal BPPV in the posterior canal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Paula do Rego André

    2010-06-01

    Full Text Available A Vertigem Postural Paroxística Benigna é a mais comum das vestibulopatias periféricas, principalmente em idosos e apresenta como etiologia predominante nessa população à degeneração da mácula utricular. OBJETIVO: Comparar a eficácia das condutas pós-manobra de Epley. Desenho do Estudo: Estudo de coorte contemporâneo longitudinal. MATERIAL E MÉTODO: Participaram do estudo 53 voluntários com Vertigem Postural Paroxística Benigna de canal semicircular posterior, distribuídos em Grupo 1, submetidos à manobra de Epley associada ao uso do colar cervical e orientações pós-manobra; Grupo 2 submetido a manobra de Epley sem uso do colar cervical e/ou restrições pós-manobra, e Grupo 3 submetido à manobra de Epley associada com o uso de um minivibrador, sem uso de colar cervical e/ou restrições pós-manobra. RESULTADOS: Nos três grupos, o número de manobras de Epley variou de uma a três. Aplicou-se o Dizziness Handicap Inventory brasileiro pré e pós-tratamento e observou-se diferença estatisticamente significativa na maioria dos escores pré e pós-tratamento para os grupos avaliados. CONCLUSÃO: Independentemente da conduta pós-manobra de Epley selecionada para o tratamento da Vertigem Postural Paroxística Benigna, essa se mostrou eficaz quando se comparou o Dizziness Handicap Inventory brasileiro pré e pós-tratamento.Benign Paroxysmal Positional Vertigo is the most common peripheral vestibular disorder, especially in the elderly and presents as the predominant etiology in this population of the degeneration of the utricular macula. AIM: To compare the effectiveness of the approaches after Epley maneuver. Study Design: longitudinal cohort. MATERIALS AND METHODS: The study included 53 volunteers with Benign Paroxysmal Positional Vertigo of the posterior semicircular canal, divided into Group 1, who underwent Epley maneuver associated with the use of neck collar and post-maneuver instructions, Group 2 underwent the Epley

  12. Inclusão dos idosos no meio digital com educação em saúde: projeto piloto

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Samir Antonio Rodrigues Abjaude

    2013-09-01

    Full Text Available http://dx.doi.org/10.5007/1807-0221.2013v10n15p129 O Brasil esta passando por uma modificação na faixa etária populacional com o aumento do número de idosos, sendo que estes possuem tendência de perdas cognitivas de memória e maior uso de medicamentos. Objetivo: Assim o projeto UNAFAL teve como proposta o desenvolvimento de ações educativas em saúde na inclusão digital para formar idosos mais esclarecidos quanto ao uso racional de medicamentos e com acesso a informação em saúde. Além disso, formar o acadêmico para orientação farmacêutica e educação em saúde. Método: Produção de setes materiais educativos para trabalhar juntamente com ferramentas da informática destinado a idosos, no período de maio a novembro de 2012. Criação de um questionário para avaliar o período anterior e posterior da intervenção do projeto.  Resultado: As palestras apresentaram um rendimento positivo, alcançando o aproveitamento final de 78,92% na analise dos questionários dos idosos. Já para os acadêmicos, o projeto elevou a didática de ensino e contribuiu para promoção de saúde.  Conclusão: Desse modo o estudo visou que o acesso digital aumentaria as informações e poderia colaborar com o tratamento dos participantes, e os acadêmicos observaram que pequenas ações podem contribuir para a construção de uma sociedade mais preparada, para enfrentar criticamente as informações vinculadas aos medicamentos.

  13. Os laços sociais e a saúde entre adultos com 65 ou mais anos. Um estudo comparativo entre adultos que frequentam e não frequentam a Universidade Sénior de Porto de Mós

    OpenAIRE

    Marques, Janine Rodrigues

    2015-01-01

    O apoio social tem sido associado a uma autoavaliação de saúde positiva e estando também relacionado com as características sociodemográficas, tais como; idade, estado civil, nível de escolaridade, valor dos rendimentos, entre outros. A presente investigação surge no sentido de conhecer os “Laços Sociais e a Saúde entre Adultos com 65 ou mais anos” dos idosos que frequentam a Universidade Sénior e os idosos que não frequentam, do Concelho de Porto de Mós. Participaram neste estudo um total...

  14. Prevalência de atividade física de deslocamento e fatores associados em idosos longevos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rodrigo de Rosso Krug

    2016-12-01

    Full Text Available DOI: http://dx.doi.org/10.5007/1980-0037.2016v18n5p520   O objetivo deste estudo foi estimar a prevalência da realização de atividades físicas de deslocamento e associar as características sociodemográficas, comportamentais e de saúde de idosos longevos de Florianópolis/SC. Trata-se de um estudo epidemiológico transversal, com 343 idosos, com 80 anos ou mais de idade, participantes dos grupos de convivência, cadastrados na Prefeitura Municipal de Florianópolis/SC. Foram obtidas informações sociodemográficas, de saúde e comportamentais. Para avaliar a realização de atividade física, utilizou-se o domínio “deslocamento” do Questionário Internacional de Atividade Física (IPAQ, adaptado para idosos. Os dados foram analisados no programa estatístico Stata 11.0, por meio de regressão logística expresso em Odds Ratio e intervalo de confiança de 95%. A prevalência da realização de atividade física no deslocamento foi de 19,5%. Os longevos com maior idade (p= 0,011; OR= 0,90; IC95%= 0,83/0,98, pior percepção de saúde (p< 0,001; OR= 0,33; IC95%= 0,18/0,60 e com diagnóstico de hipertensão arterial sistêmica (p= 0,009; OR= 0,47; IC95%= 0,27/0,83 apresentaram menores chances de realização de atividades físicas de deslocamento. O conhecimento sobre as características sociodemográficas, comportamentais e de saúde, associadas à realização de atividade física de deslocamento de idosos longevos, pode servir de base para a elaboração de ações que promovam a atividade física de deslocamento em idosos longevos.

  15. SWELLING MITOCONDRIAL EM AMOSTRAS TECIDUAIS DE GATOS SUBMETIDOS À OCLUSÃO DA ARTÉRIA CEREBRAL MÉDIA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Câmara RLB

    2001-01-01

    Full Text Available A isquemia cerebral tem sido largamente estudada com intuito de se obter medidas terapêuticas eficazes que minimizem seus efeitos, visto que uma grande quantidade de pacientes, clínicos ou cirúrgicos, apresentam conseqüências freqüentemente irreversíveis da mesma. A escolha de um modelo experimental satisfatório a fim de nortear pesquisas com agentes neuroprotetores tem sido a base desses estudos. No presente trabalho foi escolhido o gato como modelo experimental de isquemia e a avaliação foi realizada através do swelling mitocondrial. Os trinta e dois animais utilizados neste experimento, foram divididos em quatro grupos distintos, cada qual com dez animais sendo submetido a um tempo de isquemia, que aumentou progressivamente (15, 30 e 60 minutos, exceto no último grupo com dois animais e que não foi submetido a nenhum procedimento isquemiante. Foram observadas alterações evidentes nas curvas de swelling mitocondrial energizado nos animais submetidos a 60 minutos de isquemia, quando se comparou amostras do lado isquêmico em relação ao controle, isto ficou ainda mais claro quando se adicionou o antibiótico Alameticina durante os ensaios laboratoriais do swelling mitocondrial. Foi possível chegar às seguintes conclusões: o swelling funciona como indicador de diferenciação mitocondrial entre diversos tecidos; a mitocôndria do cérebro, quando exposta ao efeito da Alameticina, apresenta uma sensibilidade diferenciada em relação às dos outros tecidos; a mitocôndria do cérebro submetido a isquemia durante 60 minutos se torna mais sensível à Alameticina; e finalmente, as mitocôndrias do cérebro apresentam uma instalação extremamente rápida da reversão do swelling.

  16. Caracterização das quedas em idosos socorridos pelo serviço de atendimento móvel de urgência

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kennia Sibelly Marques de Abrantes

    2013-12-01

    Full Text Available Introdução: Atualmente, o aumento da expectativa de vida tem chamado a atenção quanto às condições de saúde durante esses anos adicionais e quanto à possibilidade de incidências futuras de morbidades e mortalidade e diversos problemas de saúde, como as quedas. Objetivo: Verificar a associação entre as características da queda e o grupo etário. Métodos: Trata-se de um estudo transversal. Os dados foram coletados por meio de um formulário específico nos meses de março a junho de 2012 e analisados por meio do Statistical Package for the Social Sciences (SPSS, versão 17.0. As associações foram verificadas por meio do teste ÷2 de Pearson ou do teste exato de Fisher com extensão de Freeman-Halton, quando apropriado, sendo adotado o nível de significância α<5%. Resultados: Observou-se um total de 93 idosos vítimas de quedas. Prevaleceu o grupo de faixa etária igual ou maior que 80 anos (47,3%, do sexo feminino (62,4%, com ensino fundamental incompleto ou acima (51,6%, sem renda ou com renda de até um salário mínimo (66,7%, residindo sem companheiro (65,6%. A ocorrência de quedas em idosos mostrou associação entre grupo etário e sexo (p=0,004, situação conjugal (p=0,002, hospitalização (p=0,047 e lugar da queda (p=0,006. Conclusão: Os idosos com 70 anos ou mais foram os que se apresentaram em maior proporção no tempo de hospitalização, e, no que se refere ao lugar de ocorrência da queda, observou-se que, entre os idosos mais velhos, destacou-se um maior percentual de quedas em casa, principalmente quando comparados aos idosos mais jovens.

  17. Pesquisa e atividades de extensão em fitoterapia desenvolvidas pela Rede FitoCerrado: uso racional de plantas medicinais e fitoterápicos por idosos em Uberlândia-MG

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    H.L. Machado

    2014-09-01

    Full Text Available Este estudo objetivou realizar atividades de extensão em fitoterapia, a partir de um levantamento de dados sobre as plantas medicinais, fitoterápicos e medicamentos convencionais utilizados por 292 idosos frequentadores de um programa de Atividades Físicas e Recreativas para a Terceira Idade (AFRID, na cidade de Uberlândia-MG, utilizando como instrumento de investigação, um questionário semiestruturado. Dentre os entrevistados verificamos que 88% utilizavam medicamentos prescritos, principalmente para o controle da hipertensão. O uso de plantas medicinais foi relatado por 76,7% dos idosos, sendo as mais citadas: Cymbopogon citratus, Mentha sp., Rosmarinus officinalis, Plectranthus barbatus, Ocimum gratissimum, e Matricaria chamomilla. Dezesseis (5,5% idosos utilizavam fitoterápicos, principalmente preparados a partir de extratos de Ginkgo biloba, Aesculus hippocastanum e Passiflora incarnata em associação com Crataegus oxyacantha e Salix alba. O uso concomitante de plantas medicinais e fitoterápicos com medicamentos convencionais foi relatado por 86,2% e 81,3% dos idosos, respectivamente. Após a análise dos dados percebemos a necessidade do desenvolvimento de ações educativas para informar e conscientizar os idosos sobre o uso da fitoterapia. Elaboramos uma caderneta e uma cartilha para promoção da difusão dessas informações e o aprimoramento do uso da fitoterapia entre os idosos e, dessa forma, alcançar os profissionais de saúde sobre os riscos e benefícios dessa terapêutica; contribuindo assim para o uso seguro e racional da fitoterapia.

  18. Hematological and nutritional parameters in apparently healthy elderly individuals Parâmetros hematológicos e nutricionais em idosos aparentemente saudáveis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mariza D'Agord Schaan

    2007-06-01

    ário de freqüência dietética. Os idosos saudáveis foram selecionados através do uso do protocolo Seniour. Para evitar viés de seleção na amostra HE, uma análise adicional comparando variáveis culturais, socioeconômicas e saúde com a dos idosos não selecionados (DE. A prevalência de HE foi de 17% (n=46 sendo que, entre estes, 4,3% estavam anêmicos. Não ocorreram diferenças estatísticas de hematócrito, hemoglobina, leucócitos, neutrófilos e vitamina B12 entre os grupos AHEe YA. Níveis médios de MCV, RDW, eosinofilos folato and ferritina foram mais altos no grupo AHE do que no YA. Ao contrário, as plaquetas foram mais altas no grupo YA. Não ocorreram diferenças significativas entre os grupos AHE e DE quando os indicadores nutricionais foram comparados. A comparação entre indicadore nutricionais de idosos anêmicos e não-anêmicos em idosos aparentemente saudáveis mostrou diferenças significativas na ingestão de vitamina B12 e de proteína, que foi mais baixa nos idosos anêmicos. Os resultados sugerem diferenças biológicas independentes entre os parâmetros hematológicos de idosos e jovens.

  19. Avaliação epidemiológica dos traumas faciais em pacientes idosos atendidos na Área de Cirurgia Buco-maxilo-facial da FOP-UNICAMP no período de abril de 1999 à dezembro de 2012

    OpenAIRE

    Castelo Pedro Vemba Cidade

    2013-01-01

    Resumo: Estudos atuais demonstram um aumento da população idosa mundial. No Brasil os idosos representam cerca de 9% da população, sendo aproximadamente 21 milhões de pessoas com mais de 60 anos. Este trabalho analisou características epidemiológicas de pacientes idosos vítimas de trauma de face atendido pela Área de Cirurgia Buco-Maxilo-Facial da Faculdade de Odontologia de Piracicaba (FOP) - Unicamp, na cidade de Piracicaba e região, no período de abril de 1999 a dezembro de 2012. A análise...

  20. Determinantes na escolha entre atendimento de saúde privada e pública por idosos Determinants of elders' choice between private and public health care providers

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antônio M G Bós

    2004-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Idosos usam a rede pública ou privada de atendimento de saúde de acordo com a sua situação econômica, social, demográfica e epidemiológica. Analisar como esses fatores influenciam a escolha do local de atendimento e comparar o impacto das rendas individual e familiar do idoso nessa decisão são os objetivos do estudo. MÉTODOS: Foram utilizados dados de um estudo realizado pelo Conselho Estadual do Idoso do Rio Grande do Sul, em 1995, com 7.920 idosos, com idade acima de 60 anos. A coleta de dados foi feito mediante questionário que incluía questões sobre influência do gênero, idade, escolaridade, renda individual e familiar, tamanho da família, participação na renda familiar e auto-avaliação da saúde do idoso. As chances de uso da rede privada de atendimento de saúde foi medida pela regressão logística. RESULTADOS: No acesso à rede privada de atendimento a renda familiar do idoso teve um impacto muito mais expressivo do que a individual. Com um aumento na renda familiar em um salário mínimo, as chances do idoso utilizar a rede privada aumentam 20% contra um acréscimo de apenas 7% no mesmo aumento na renda individual. Também influenciaram positivamente: gênero feminino, idade, escolaridade e tamanho menor da família. CONCLUSÕES: As decisões sobre onde o idoso recebe cuidados de saúde dependem das necessidades e recursos da família e não somente da situação individual do idoso. Conseqüentemente, a saúde do idoso de família de renda baixa recebe prioridade menor e é desproporcionalmente prejudicada pelo pouco recurso familiar e deficiências do sistema público de atendimento.OBJECTIVE: Elderly choose between utilizing private or public health care providers based on their socioeconomic, demographic, and epidemiological condition. The purposes of this study was to evaluate how these factors affect the choice of health care provider and to compare the impact of their choice on individual and family

  1. Habilidades cognitivas em indivíduos muito idosos: um estudo longitudinal Cognitive abilities in older seniors: a longitudinal study

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Irani I. de Lima Argimon

    2005-02-01

    Full Text Available Estudos longitudinais com idosos com mais de oitenta anos são escassos na literatura. A pesquisa foi delineada com o objetivo de analisar as modificações no perfil de algumas habilidades cognitivas em indivíduos muito idosos, em dois momentos, com um intervalo de três anos. Pesquisa do tipo quantitativo, com delineamento longitudinal e prospectivo. A amostra, randômica, foi constituída por 66 indivíduos de 80 a 95 anos de idade na etapa I e, três anos após, na etapa II, por 46 idosos. Os instrumentos usados foram: Escala de Depressão Geriátrica, Questionário de Percepção Subjetiva de Queixas de Memória, Mini-Exame do Estado Mental, Span de Números, Teste de Lembranças Livres e com Pistas de Buschke, Teste de Fluência Verbal - Categoria Animal. Houve uma pequena tendência de decréscimo no desempenho cognitivo em um período de três anos. Maior número de atividades de lazer e mais anos de escolaridade foram fatores preditivos de menor variação no desempenho cognitivo. Apesar da idade avançada, os idosos apresentaram um desempenho de habilidades cognitivas cujo declínio foi de intensidade leve, não sendo suficiente para acarretar mudanças significativas no seu padrão cognitivo.Longitudinal studies of older seniors (over 80 years are rare in the literature. This research was designed to study cognitive abilities in the oldest old at two different moments with a three-year interval. The research was quantitative, with a longitudinal and prospective design. The sample consisted of 66 individuals from 80 to 95 years of age, randomly selected for phase I, with 46 of these individuals tested again three years later, in phase II. The instruments used were: Geriatric Depression Scale, Subjective Perception of Memory Problems, Mini-Mental State Examination, Digit Span, Buschke Test of Free and Cued Recall, and the Verbal Fluency Test - Animal Category. The results indicated that there was a small downward trend in the older

  2. Impacto do agachamento em superfície estável e instável sobre o equilíbrio estático e dinâmico de idosos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    P.C.R. Silva

    2017-12-01

    Full Text Available Resumo: Objetivo: O objetivo do presente estudo foi investigar o efeito agudo de uma única série de agachamento realizado em uma superfície estável e outra instável sobre o equilíbrio estático e dinâmico de idosos. Método: O estudo do tipo experimental contou com 30 idosos (66.4 ± 6.2 anos de ambos os sexos. Os idosos foram submetidos aos testes de apoio tandem (equilíbrio estático, com e sem privação visual, e ao Four Square Step Test (equilíbrio dinâmico. Em seguida, de forma aleatória, os idosos foram divididos em 2 grupos, onde um grupo executou 10 repetições de agachamento em superfície estável e outro grupo em superfície instável. Após um minuto, os idosos realizaram novamente os testes de equilíbrio. Sete dias após, os idosos realizaram o mesmo procedimento, no entanto, inverteram o tipo de superfície do agachamento. O teste de Wilcoxon foi utilizado para comparar os valores pré e pós‐intervenção. O nível de significância adotado foi de p < 0.05. Resultados: No teste de equilíbrio estático, somente na situação com privação visual foram encontradas diferenças significativas, tanto após o agachamento estável (p = 0.015 como no instável (p = 0.003. Já no equilíbrio dinâmico, apenas após o agachamento instável foi observada diferença significativa (p = 0.026. Ambas as diferenças representam melhoras no desempenho dos testes. Conclusão: Conclui‐se que a intervenção em superfície instável apresentou melhores impactos no desempenho do equilíbrio dos idosos do presente estudo. Desta forma, ressaltamos a importância da avaliação do equilíbrio na população idosa, para assim direcionar um programa de treinamento mais adequado para essa população. Resumen: Objetivo: El objetivo del presente estudio fue investigar el efecto

  3. Doenças hereditárias, aconselhamento genético e redes familiares e sociais: da ética intergeracional ao papel dos mais velhos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Álvaro Mendes

    2012-11-01

    Full Text Available Este artigo de revisão da literatura centra tópicos relevantes na investigação e intervenção em redes familiares e sociais no âmbito do aconselhamento genético. Foca o papel dos familiares mais idosos na gestão psicossocial do risco genético a doenças hereditárias (particularmente, cancros hereditários e suas implicações no aconselhamento genético, nomeadamente apoio social e comunicação intrafamiliar sobre o risco genético.

  4. Perfil de idosos admitidos em unidades de terapia intensiva gerais em Rio Grande, RS: resultados de um estudo de demanda Profile of the elderly admitted into general intensive care units in Rio Grande, Southern Brazil: results of a cross-sectional survey

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Eduardo C. Schein

    2010-06-01

    Full Text Available Este estudo teve por objetivo conhecer o perfil do paciente com 60 anos ou mais de idade internado nas duas unidades de terapia intensiva (UTI do município de Rio Grande, RS. Utilizando-se de delineamento transversal, entre abril/2007 e março/2008, entrevistadores previamente treinados aplicaram questionário padrão investigando sobre suas características demográficas, socioeconômicas e ambientais, utilização prévia de serviços de saúde e condições clínicas, que em 90% dos casos foram respondidos por familiares. Os 213 idosos hospitalizados neste período provinham, em sua maioria, do próprio município, eram casados, tinham mais de 70 anos, cinco anos de escolaridade, dois ou mais salários mínimos de renda familiar mensal, viviam em casa própria com outras duas pessoas e não possuíam plano de saúde; 88% foram à consulta médica nos últimos seis meses e 56% foram hospitalizados nos últimos 12 meses; metade deles chegaram à UTI inconscientes, por problemas clínicos oriundos da enfermaria do próprio hospital, onde 147 foram submetidos a ventilação mecânica, e 45% do grupo total evoluiu para óbito, em média, no oitavo dia. Estes dados mostram que é possível identificar idosos com maior potencial de internação em UTI também a partir de suas condições socioeconômicas e ambientais.This study aimed at assessing the profile of patients aged > 60 years admitted into intensive care units (ICU in the city of Rio Grande, Southern Brazil. A cross-sectional survey was carried out between April/2007 and March/2008 in two hospitals. Family members answered a standardized questionnaire that collected data on demographic and socioeconomic characteristics, household conditions, use of healthcare services and current clinical conditions. Among the 213 elderly people included in the study, about 90% came from Rio Grande, were married, aged 70 years or more, had at least five years of schooling, earned two or more minimum wages

  5. Phonarticulatory diadochokinesis in young and elderly individuals Diadococinesia fonoarticulatória em jovens e idosos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marina Padovani

    2009-03-01

    Full Text Available The phonoarticulatory diadochokinesis test has been recommended to evaluate neurological disorders. It is a speech task that consists of the ability to repeat at high speed a segment of speech. The purpose of this research is to analyze the diadochokinesia rate of adults from two distinct age groups. 23 young aice and speech analysis software Visi-Pitch III/Sona-Speech, KayElemetrics. Both groups presented with reduced diadochokinesia rate as the speech production became more complex. The young adults group presented with higher diadochokinesia rate in adults and 23 elderly people, both sexes participated in this study. Each participant produced the /pa/, /ta/, /ka/ syllables, the vowel /a/ and the /pataka/ sequence, as fast and as long as they could with habitual pitch and loudness. The speech samples were analyzed by using the voll speech tasks while the elderly adults group had a worse intensity control.A prova de diadococinesia fonoarticulatória tem sido recomendada para transtornos neurológicos, sendo uma tarefa de fala que consiste na habilidade de realizar rápidas repetições de segmentos de fala. O objetivo deste estudo é analisar a velocidade de diadococinesia em sujeitos adultos em dois grupos etários distintos. Participaram 23 adultos jovens e 23 idosos, de ambos os sexos. Cada indivíduo emitiu as sílabas /pa/, /ta/, /ka/, a vogal /a/ e a seqüência /pataka/, o mais rapidamente e durante o maior tempo possível, em sua freqüência e intensidade habituais. Estas emissões foram analisadas no programa computadorizado de análise de voz e fala Visi-Pitch III/Sona-Speech, da KayElemetrics. Ambos os grupos apresentaram redução da velocidade diadococinética à medida que as emissões foram mais complexas. O grupo mais jovem apresentou velocidade diadococinética maior em todas as emissões enquanto o grupo de idosos teve pior controle de intensidade.

  6. Meet Mai-Anh Ha | NREL

    Science.gov (United States)

    ;Typically, at Vietnamese weddings or large gatherings, everyone ballroom dances," she says. Music can days are devoted to science. Sometimes you need a break," Mai-Anh says. The partners complement ." It also highlights their collaborations-which include science research. A Passion for Research

  7. O idoso na contemporaneidade: a necessidade de se educar a sociedade para as exigências desse "novo" ator social, titular de direitos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Dulce Consuelo Andreatta Whitaker

    Full Text Available Este artigo descreve o quadro de transformações históricas do Brasil, na segunda metade do século XX, para inserir aí a questão do idoso, numa perspectiva do envelhecimento da população. Situa as mudanças sociais, a perda de poder do idoso, fruto da urbanização e da modernização, com sua estrutura de empregos que transformou o antigo chefe da família extensa no aposentado. Propõe então medidas para recuperação da dignidade dessa importante "categoria sociológica", a partir da educação da nova sociedade. Sugere ainda que, para os professores de crianças e adolescentes que receiam lidar com o Estatuto da Criança e do Adolescente, talvez um bom caminho para enfrentar a complexa área dos direitos humanos seja trabalhar com seus alunos na valorização da memória do idoso, o que significa ao mesmo tempo fazê-los adquirir conhecimentos e valorizar os mais velhos, reconhecendo-os como titulares de direitos.

  8. Relações familiares e o convivívio social entre idosos = Family relationship and social interaction among elderly

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Areosa, Silvia Virginia Coutinho

    2012-01-01

    Full Text Available Esta pesquisa surgiu da necessidade em conhecer a percepção dos idosos sobre seus relacionamentos sociais, familiares e com os grupos de convivência dos quais participam no Brasil e na Espanha. A metodologia utilizada é quali-quantitativa. Os resultados parciais mostram a satisfação dos idosos (97% com as relações estabelecidas nos grupos de amigos, formados principalmente a partir de grupos de convivência para a terceira idade, e apontam para uma população idosa com características ligadas à independência e autonomia, mais ativa e satisfeita com suas relações familiares e de amizade. Percebe-se uma preocupação especial com a qualidade de vida por parte do idoso, sendo a convivência e as atividades realizadas nos grupos fatores importantes para uma melhora significativa na saúde física e mental

  9. Determinantes na funcionalidade de idosos da estratégia saúde da família – revisão integrativa

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriano DRUMMOND

    2012-12-01

    Full Text Available O envelhecimento pode ser acompanhado de alterações funcionais, e a Estratégia Saúde da Família (ESF é um programa que atende a uma grande demanda de idosos da comunidade. Objetivo: descrever quais os fatores determinantes na funcionalidade de idosos atendidos pela ESF. Metodologia: tratase de uma revisão integrativa da literatura, de artigos publicados em três (3 bancos de dados, de 2001 a 2011, de acordo com os descritores idoso, Programa Saúde da Família, aptidão física e funcionalidade. Resultados: fatores intrínsecos como idade avançada, o sexo feminino e apresentar doenças, como diabetes, hipertensão arterial e outras reumáticas e neurológicas, influenciam tanto quanto fatores extrínsecos ou socioeconômicos e demográficos, como o baixo nível de renda e de escolaridade. Conclusão: a dependência funcional variou entre 4,2 a 55%, com vários fatores de influência, os quais devem ser avaliados por cada equipe Saúde da Família para uma proposta de intervenção mais eficaz.

  10. Promoção do autocuidado de idosos para o envelhecer saudável: aplicação da teoria de nola pender

    OpenAIRE

    Silva, Aila Cristina dos Santos; Santos, Iraci dos

    2010-01-01

    O envelhecimento saudável é uma condição a ser atingida por quem lida com as mudanças do envelhecer. Neste trabalho, analisa-se a construção de ações de autocuidado de pessoas idosas relacionando-as às concepções da Teoria de Nola Pender. Pesquisa qualitativa, sociopoética, com um grupo pesquisador composto por 11 idosos participantes da Unati, do Estado do Rio de Janeiro, em 2009. Os dados obtidos através de técnicas artísticas foram submetidos à análise categorial sociopoética. RESULTADOS: ...

  11. Características do apoio social oferecido a idosos de área rural assistida pelo PSF

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Leonel Gonçalves Pinto

    Full Text Available Trata-se de um trabalho epidemiológico do tipo transversal, com o objetivo de descrever as características do apoio social e identificar associações entre as variáveis sociodemográficas e categorias de suporte social, em população rural do Bairro dos Aleixos, no município de Taquarituba SP. Para medir o apoio social, utilizou-se da escala Medical Outcomes Study (MOS, traduzida para o português e validada em nosso meio. A população caracterizou-se por mulheres, predominantemente da raça branca, entre 60 a 69 anos, casadas e/ou vivendo em concubinatos, de baixa renda e residindo em domicílios multigeracionais. Escores de apoio médios elevados foram identificados, indicando situação favorável entre os idosos estudados. Em termos médios, a categoria de apoio com pior escore foi "interação social positiva". A análise bivariada demonstrou uma diferença significativa entre escore de apoio afetivo e de apoio emocional com número de pessoas no domicílio e maior freqüência de escores altos de interação social (3º tercil em idosos do sexo masculino e naqueles com maior grau de escolaridade. O estudo apontou ainda que escores de apoio social menores foram mais freqüentes em mulheres, analfabetos, viúvos ou solteiros, idosos com renda entre um e dois salários mínimos.

  12. Idosos trabalhadores: perdas e ganhos nas relações intergeracionais The elderly workers: profits and losses in intergenerational relationships

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosa Maria da Exaltação Coutrim

    2006-08-01

    Full Text Available Este artigo é fruto de uma pesquisa qualitativa realizada com idosos de baixa renda que trabalham informalmente nas ruas de Belo Horizonte. As condições de escassez material fazem com que a coabitação seja recorrente entre estes indivíduos, contudo, esta estratégia para diminuir o impacto da pobreza permite às famílias estabelecer também trocas intergeracionais. Se, de um lado, existe o conflito devido à intensa convivência entre várias gerações, de outro, existe a solidariedade e o amparo mútuo dos familiares. Os idosos trabalhadores ocupam papel econômico central na vida das famílias em que os mais jovens estão desempregados ou subempregados, e, assumindo o papel de provedores do domicílio, os idosos mantêm o poder de negociação com as demais gerações com que convivem.This article is a result of a qualitative research conducted with low-income elderlies who work informally on the streets of Belo Horizonte. Material scarcity leads them to a recurrent practice, the cohabitation. This strategy used to diminish the poverty impact also establishes intergenerational exchanges. On the one hand, there is a conflict due to intensive companionship among generations; on the other hand, there is sympathy and mutual help from the family. The elderly workers play a central economic role in the life of their families, in which youths are unemployed or underemployed, and, as home providers, elder people maintain the power of negotiation with the generations that live with them.

  13. Diagnósticos de enfermagem identificados em idosos hospitalizados: associação com as síndromes geriátricas

    OpenAIRE

    Sousa, Renata Miranda de; Santana, Rosimere Ferreira; Santo, Fátima Helena do Espírito; Almeida, Janine Geronimo de; Alves, Luise de Almeida Ferreira

    2010-01-01

    Identificar e analisar os diagnósticos de enfermagem associados à presença das síndromes geriátricas em idosos hospitalizados. MÉTODOS: Trata-se de um estudo de abordagem quantitativo, utilizando-se das técnicas de pesquisa, entrevista semiestruturada e formulários específicos da gerontologia. Os sujeitos foram 66 pessoas com mais de 65 anos, internadas nas unidades clínicas e cirúrgicas do Hospital Universitário Antonio Pedro, Niterói-RJ, Brasil. RESULTADOS: Identificamos 394 diagnósticos de...

  14. Terapia anti-hipertensiva utilizada por pacientes idosos de Porto Alegre/RS, Brasil = Antihypertensive therapy used by elderly patients from Porto Alegre/RS, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Schroeter, Guilherme

    2006-01-01

    Conclusões: Os diuréticos, inibidores da ECA e betabloqueadores foram os anti-hipertensivos mais utilizados. Muitas vezes o usuário comete erros na medicação, o que pode ser resolvido com uma assistência correta a esse paciente. Diante da prevalência da hipertensão entre os idosos, observa-se a necessidade de uma maior atenção dos profissionais de saúde a esses pacientes

  15. Mortalidade em idosos por diabetes mellitus como causa básica e associada

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cláudia Medina Coeli

    2002-04-01

    Full Text Available OBJETIVO:Analisar a mortalidade por diabetes mellitus em idosos e a subenumeração do diabetes como causa do óbito de acordo com estatísticas baseadas unicamente em causa básica de óbito. MÉTODOS:Foram revisadas todas as 2.974 declarações de óbito ocorridas em 1994 de idosos residentes em um núcleo habitacional localizado na cidade do Rio de Janeiro, RJ. Destas, foram estudados 291 óbitos, tendo o diabetes mellitus como causa básica (150 e associada (141. A proporção de óbitos em que a diabetes aparece como causa básica em relação ao total de óbitos por diabetes foi calculada de forma global e segundo sexo e faixa etária. RESULTADOS:Dos 291 óbitos estudados, 138 (47,4% ocorreram em homens, e 153, em mulheres (52,6%. As taxas de mortalidade apresentaram crescimento contínuo com o avançar da idade, sendo superiores no sexo masculino, embora a diferença entre sexos tenha sido menor para a análise baseada unicamente na causa básica. Observou-se proporção elevada de óbitos domiciliares (22%. A proporção de óbitos por diabetes como causa básica foi de 51,5%, sendo maior nas mulheres do que nos homens. CONCLUSÕES:A análise das estatísticas de mortalidade baseadas unicamente na causa básica do óbito pode levar a perfis distorcidos, em função da subenumeração não ocorrer aleatoriamente. Estudos adicionais em coortes de idosos brasileiros diabéticos são necessários para permitir uma avaliação mais acurada da mortalidade nesse grupo.

  16. Indicadores antropométricos de estado nutricional como preditores de capacidade em idosos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kleyton Trindade Santos

    2014-06-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: Trata-se de estudo seccional que analisou dados de pesquisa epidemiológica de base populacional e domiciliar conduzida em um município do nordeste do Brasil. OBJETIVO: Identificar os indicadores antropométricos de estado nutricional que apresentam melhor capacidade preditiva de capacidade funcional em idosos. MÉTODOS: A população foi constituída por 316 idosos que foram avaliados por meio de questionário contendo informações sociodemográficas, atividade física e condições de saúde, seguido de avaliação antropométrica. A capacidade funcional foi avaliada por meio das escalas de Katz e de Lawton e Brody para atividades básicas e instrumentais da vida diária, respectivamente. Foram utilizados como indicadores de estado nutricional, o índice de massa corporal, a área muscular do braço e o perímetro da panturrilha. Estimou-se modelos simples e múltiplos de regressão logística multinomial, tendo a capacidade funcional como variável dependente e os indicadores antropométricos como variáveis de interesse. RESULTADOS: Participaram do estudo 173 mulheres (54,7% e 143 homens (45,3%. Os resultados da regressão múltipla mostraram que o perímetro da panturrilha foi o único preditor de capacidade funcional em mulheres (≤ P25: OR = 5,77, p = 0,028, para dependência nas atividades instrumentais, enquanto que nos homens o índice de massa corporal foi o único indicador associado (baixo peso: OR = 11,36, p = 0,006; sobrepeso: OR = 22,06, p = 0,002; para dependência nas atividades básicas e instrumentais. CONCLUSÃO: Os resultados permitem concluir que os indicadores antropométricos preditores de capacidade funcional em idosos variam de acordo com o sexo, com o perímetro da panturrilha sendo mais adequada às mulheres e o índice de massa corporal aos homens.

  17. Prescrição de medicamentos potencialmente inapropriados para idosos: um estudo transversal em instituição psiquiátrica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kaio Vinicius Freitas de Andrade

    2016-06-01

    Full Text Available RESUMO Objetivo Estimar a frequência de prescrição de medicamentos potencialmente inapropriados (MPIs para idosos institucionalizados em um hospital psiquiátrico. Métodos Estudo descritivo, transversal, baseado em análise de prescrições médicas para indivíduos com 65 anos ou mais (n = 40, elaboradas no mês de janeiro de 2013 e coletadas de prontuários médicos, em uma instituição hospitalar pública especializada em saúde mental. Foram analisadas variáveis sociodemográficas e clínicas relativas ao idoso. Os medicamentos prescritos foram categorizados, pelos Critérios de Beers (CB, em: 1 MPIs que devem ser evitados em qualquer condição clínica; 2 MPIs nas condições clínicas identificadas no estudo; 3 medicamentos que devem ser utilizados com precaução em idosos. Resultados Houve predomínio do sexo feminino (62,5%, n = 25/40. Em relação à idade, a média foi de 73 anos (66-93 anos. O tempo médio de internamento foi de 15 anos, e o principal diagnóstico foi de esquizofrenia (56,4%; n = 22/39. A prevalência de polifarmácia foi de 70%. Os medicamentos mais prescritos foram prometazina e haloperidol. Em relação aos CB, observou-se que 40,2% (n = 90/224 dos medicamentos prescritos foram classificados como MPIs em qualquer condição clínica; 38,8% (n = 87/224 foram considerados como MPIs em determinadas condições clínicas e 23,7% (n = 53/224 pertenciam à categoria dos medicamentos que devem ser utilizados com cautela em idosos. Conclusão Obteve-se elevada prevalência de MPIs para idosos, quando comparada com estudos semelhantes. Os CBs contribuíram para a análise das prescrições, possibilitando a identificação de medicamentos que podem potencializar os riscos de desenvolvimento de iatrogenias ou agravamento de patologias preexistentes.

  18. Os benefícios da internet na vida dos idosos do município de Luziânia-Goiás

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Silmara Lúcia Meireles

    2018-02-01

    Full Text Available Analisou-se os benefícios da internet na vida dos idosos pertencentes ao Projeto “Conviver” no município de Luziânia-Goiás, onde foi realizada uma pesquisa de campo com amostra de 37 idosos de ambos os sexos através de um questionário contendo as variáveis: estado civil, renda, escolaridade, doenças, prática de atividade física, etilismo e tabagismo. Aplicou-se um questionário para avaliar o acesso à internet, a realização de cursos de informática, a finalidade do uso da internet e os benefícios. Observou-se que 78% dos idosos eram mulheres, 35% casados, 13% recebiam menos de um salário mínimo por mês e 5% analfabetos. Constatou-se que 56% eram hipertensos, 24% dislipidêmicos, 13% diabéticos, 3% etilistas, 5% tabagistas e 5% sedentários. Ao analisar o uso da internet, 57% referiram utilizar esse meio de comunicação. Destes, 43% eram capacitados e os acessos mais prevalentes foram: redes sociais (37%, sites de pesquisa (31%, de notícias e esportes (12%, de jogos (6%, de entretenimento (6% e serviços bancários, trabalho, entre outros (6%. Quanto aos benefícios da internet, 95% disseram que a internet foi capaz de proporcioná-los, destacando-se mais informações e conhecimento (41%, maior comunicação com familiares e amigos (31%, exercício da memória e aumento da autoestima (10%, diversão e entretenimento (6%, amizades (6% e facilidade cotidiana (6%. O uso da internet foi capaz de proporcionar benefícios aos idosos, com consequente aumento da autoestima e das possibilidades de conhecimento, comunicação e lazer. Descritores: Idosos; Internet; Redes sociais.

  19. PREVALÊNCIA DE ANEMIA, PERFIL COMPORTAMENTAL E ASPECTOS NUTRICIONAIS EM IDOSOS RESIDENTES DE CIDADE DE PEQUENO PORTE DO SUL DO BRASIL.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Larissa CASTELACI

    2016-12-01

    Full Text Available A diminuição da capacidade fisiológica e o declínio funcional dos órgãos, associados ao aumento da expectativa de vida, tornam os idosos mais propensos ao desenvolvimento de doenças. A anemia é uma patologia comum nos idosos, associada a várias condições crônicas, com sintomas que podem ser confundidos pela própria idade. Com o objetivo de avaliar a prevalência de anemia e identificar fatores associados em idosos residentes no município de Nova Roma do Sul- RS, foi realizado um estudo transversal. A coleta de dados ocorreu entre março e agosto de 2016, através de visitas domiciliares para aplicação de questionários, que identificaram informações demográficas, comportamentais e alimentares. Foram mensuradas medidas antropométricas e amostras de sangue, para exames bioquímicos. Presença de anemia foi identificada a partir da concentração sanguínea de hemoglobina, seguindo os valores de referência estabelecidos pela OMS (<12g/dL mulheres, <13g/dL homens. Foram avaliados 294 idosos, onde a prevalência geral de anemia foi de 4,4%. Quando associados, os resultados com maior prevalência do desfecho foram: idade avançada (12,5%, não ter filhos (11,1%, dormir 9 horas ou mais (7,4%, diagnóstico de diabetes mellitus (13,0% e hipertensão arterial (7,4%, e o consumo elevado de alimentos gordurosos (9,0%. A regressão logística ajustada foi significativa para diagnóstico de diabetes mellitus e consumo elevado de alimentos gordurosos, apresentando respectivamente odds ratio de 7,97 (p=0,004 e 4,01 (p=0,043. A prevalência de anemia em idosos residentes de Nova Roma do Sul- RS foi baixa, no entanto, assim como outras doenças que acometem esta população, merece atenção clínica e tratamento adequado.

  20. Tratamento de idosos com depressão utilizando tricíclicos, IMAO, ISRS e outros antidepressivos Depression treatment of elderly patients using tricyclics, MAOI, SSRI, and other antidepressants

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mônica Z Scalco

    2002-04-01

    Full Text Available Antidepressivos são eficazes no tratamento da depressão em idosos. O sucesso do tratamento depende do tipo e da gravidade da depressão; das comorbidades com outras doenças psiquiátricas ou clínicas; da escolha adequada de antidepressivos, de sua eficácia e perfil de efeitos adversos; da orientação do paciente e de sua aderência ao tratamento. O manejo dos efeitos adversos em pacientes idosos, que usam muito mais medicações e apresentam mais doenças, é o ponto forte na escolha de antidepressivos. Em geral, os inibidores seletivos da recaptação de serotonina têm sido preferidos por apresentar menos riscos de complicações por efeitos adversos. Porém, diferentes antidepressivos podem ser preferíveis para diferentes pacientes. É indispensável que o médico conheça o paciente que irá tratar e o perfil de efeitos adversos e de possíveis interações medicamentosas dos antidepressivos para poder escolher o mais adequado para cada paciente. Neste artigo, são abordados os diferentes grupos de antidepressivos no tratamento agudo da depressão em idosos e o tratamento em populações especiais de idosos (idosos debilitados e idosos com demência.Antidepressants are effective in treating depression in the elderly. Treatment response depends on the type and severity of depression, comorbidities, efficacy and tolerability of antidepressants, patient education and treatment compliance. The aging process leads to physiological changes that, in association with concomitant diseases and use of several medications, render the elderly person more vulnerable to the adverse effects of antidepressants and an increased risk of drug interactions. It is very important that psychiatrists treating elderly patients be aware of possible adverse effects and drug interactions of different antidepressants. This paper reviews data on the efficacy and safety of antidepressant agents currently available for the treatment of the elderly, and includes

  1. Os investimentos públicos em saúde e a mortalidade dos idosos no sul do Brasil:uma análise regionalizada

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marilia Patta Ramos

    2010-05-01

    Full Text Available Este artigo teve como objetivo examinar o efeito dos investimentos públicos em saúde na mortalidade dos idosos no Rio Grande do Sul, controlando-se pelas características socioeconômicas dos municípios. A base de dados foi extraída do Censo Demográfico do IBGE de 2000 e do Datasus, o qual inclui informações sobre recursos regionais para a saúde em 7 meso-regiões do RS. Foi criada uma tipologia para classificar as regiões do RS com base na taxa de dependência idosa. Modelos de regressões lineares estimaram o efeito dos investimentos públicos na mortalidade dos idosos separadamente por grupos de taxa de dependência controlando-se pelo PIB per capita, o índice de Gini, renda per capita, média de anos de estudo e a taxa de urbanização (variáveis independentes. Apesar de ter a expectativa de vida mais alta do Brasil, os resultados desse estudo revelam significativa diferença na mortalidade dos idosos entre as 7 meso-regiões que compõem o Estado do Rio Grande do Sul. os resultados mostram que os investimentos públicos federais em saúde são maiores em regiões com baixa taxa de dependência idosa. Também observamos uma associação frágil entre os investimentos públicos em saúde e a mortalidade dos idosos.

  2. ESTRUTURA DE SERVIÇOS E ACESSO A CONSUMOS EM SAÚDE POR IDOSOS EM UM CONTEXTO RURAL DO SUL DO BRASIL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciana Ruschel de Alcântara

    2012-03-01

    Full Text Available Este estudo analisa o acesso e a utilização dos os serviços de saúde por idosos rurais, de um município da Metade Sul do RS. Busca-se descrever e traçar os fluxos de acesso aos serviços de saúde, levando-se em conta o contexto econômico, social, geográfico e cultural dos idosos entrevistados e das práticas utilizadas a partir dos problemas de saúde que os afetam. Trata-se de um estudo híbrido, com desenho epidemiológico descritivo com coleta e análise qualitativa dos dados obtidos por meio de entrevista com 30 idosos residentes no meio rural de Santana da Boa Vista. Quanto aos serviços de saúde, mais da metade dos idosos declarou utilizar habitualmente a Rede Municipal, em consequência dos problemas crônicos. As principais dificuldades na relação com os serviços de saúde estão relacionadas aos recursos financeiros insuficientes; à demora no atendimento; à ausência de transporte; ao uso de automedicação e ausência de profissionais médicos. Esses resultados expressam desigualdades sociais e de saúde, predominando as dificuldades de acesso funcional e geográfico, já que a maioria dos serviços de saúde encontra-se fora da área rural. A análise das trajetórias terapêuticas apontou para a diversidade de situações e estratégias de saúde desenvolvidas pelos usuários e pelo Município.

  3. Efeito de um programa de manejo farmacoterapêutico em um grupo de idosos com hipertensão em Aracaju-Sergipe

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    D. P. LYRA JúNIOR

    2009-08-01

    Full Text Available O presente estudo visou avaliar o efeito de um programa de manejo farmacoterapêutico no atendimento de idosos com hipertensão arterial sistêmica assistidos em unidade básica de saúde no município de Aracaju-Sergipe. Foram selecionados 30 idosos portadores de hipertensão, entre 60 e 75 anos de ambos os gêneros. Foi realizado um estudo de intervenção. Ao longo do estudo foram avaliadas as mudanças referentes ao manejo da farmacoterapia, de janeiro de 2007 a agosto de 2008. As variáveis analisadas foram: perfil sócio-demográfico e farmacoterapêutico e freqüência de comorbidades. A média de idade foi 69 ± 4 anos, com prevalência do gênero feminino. Os dados obtidos mostraram freqüência das comorbidades, especialmente nos sistema cardiovascular (100% e músculo-esquelético (90%. Com relação ao perfil farmacoterapêutico foram identificados 76 diferentes tipos de especialidades farmacêuticas. Os medicamentos mais consumidos foram a hidroclorotiazida (53,3% e o captopril (30%. Além disso, as intervenções reduziram o uso de AINEs (25,3% para 10% e de polifarmácia (de nove para seis pacientes. O levantamento do perfil farmacoterapêutico forneceu elementos relevantes para compreender o uso de medicamentos em uma unidade de saúde, bem como, para eleger prioridades no cuidado aos idosos com hipertensão e elaborar estratégias em que o farmacêutico possa intervir de modo a reduzir e prevenir problemas farmacoterapêuticos. Palavras-chave: Idoso. Hipertensão arterial sistêmica. Farmacoterapia.

  4. Saúde bucal de idosos restritos ao domicílio: estudo descritivo de uma demanda interdisciplinar Oral health of residence restricted elders: descriptive study of an interdisciplinary demand

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Arthur Eumann Mesas

    2008-01-01

    Full Text Available No município de Londrina, a proporção de pessoas acima de 60 anos em 2002 era de 9,35%, enquanto que a média nacional, neste mesmo ano, foi de 8,52%. Do total dessa população, estima-se que 15% apresentam problemas de saúde que dificultam seu deslocamento para atendimento médico-odontológico. Somadas a essa dificuldade, a baixa renda familiar para a utilização dos serviços odontológicos privados e a falta de prioridade nos serviços públicos os coloca em uma condição de abandono. Foram selecionados 43 idosos, moradores do Conjunto Habitacional Ruy Viermond Carnascialli, e então submetidos a uma entrevista e exame clínico odontológico em seus domicílios. Foi observado que 79,1% referiram a última visita a um dentista há mais de cinco anos, e apenas 55,8% reconhecem a necessidade de um atendimento odontológico. No exame clínico, observou-se que 79,1% dos idosos já haviam perdido todos os seus dentes no arco superior e 65,1% no arco inferior, necessitando usar próteses. Quanto ao tempo de uso de uma mesma prótese, foi encontrada a média de 15 anos, sendo que ao considerar o estado geral de conservação, 67,8% das próteses superiores e 82,4% das inferiores tiveram indicação de substituição. O índice de dentes cariados, perdidos ou obturados encontrado foi de 29,7, com a média de 2,3 dentes hígidos presentes por idoso. Devido às precárias condições encontradas, serão necessários estudos considerando a restrição ao domicílio e suas implicações, como fatores de risco para a má condição e manutenção da saúde bucal em idosos.In the city of Londrina, State of Paraná, Brazil, the proportion of people aged over 60 years in 2002 was of 9.35%, whereas the national average in the same year was 8.52%. Fifteen percent have health problems that hinder their search for health medical and dental services. Besides this difficulty, the low family income to afford private dental assistance and the lack of priority

  5. Violência contra idosos: uma questão nova? Violence against aged people: a new issue?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Paula R. Amadio Sanches

    2008-09-01

    Full Text Available O envelhecimento da população mundial é um fato concreto e de conhecimento público. O Brasil inicia seu processo de transição demográfica seguindo o padrão mundial: o aumento do número de idosos com possibilidade de atingir elevadas faixas etárias, o que traz a necessidade de pesquisas nesse campo, devido à demanda apresentada por essa nova parcela da população. A questão da violência doméstica contra idosos tem se ampliado e sugere necessidade de maior campo de investigação nessa área, dado o risco suposto ao qual essa população mais idosa está submetida. O objetivo deste artigo é verificar os estudos relacionados ao tema já realizados no Brasil e em diferentes países, com enfoque epidemiológico. O trabalho apresenta diversos pontos de abordagem da violência contra idosos, considerando questões relacionadas à cultura do envelhecimento, ações de políticas públicas, atuação de equipes de saúde, definição do termo abordado, aspectos legais e éticos da violência contra o idoso. Tal estudo permite ao pesquisador analisar os diferentes aspectos que envolvem a temática, demonstrando a necessidade de pesquisas específicas direcionadas ao tema.The world population is getting older and this is a very well known fact. The demographic transition of the Brazilian population is just beginning, and follows the world pattern: an increase in the number of older persons with an actual chance of reaching higher ages. As a consequence, there is the need of new studies to supply data about this new aspect of the population demands. Household violence against old persons has been growing and this strongly recommends that special research studies should be conducted, in view of the risk to which these individuals are exposed. The objective of this study is to list and analyze Brazilian and international studies related to aged persons, in light of an epidemiological point of view. The article presents many ways of approaching

  6. A auto-percepção do envelhecimento e os traços de personalidade em idosos

    OpenAIRE

    Yassine, Ismael Macedo Correia

    2011-01-01

    Tese de mestrado, Psicologia (Secção de Psicologia Clínica e da Saúde - Núcleo de Psicologia Clínica Dinâmica), Universidade de Lisboa, Faculdade de Psicologia, 2011 O presente estudo foca a auto-percepção do envelhecimento e os traços de personalidade, assumindo como principais objectivos: (1) a exploração da relação entre auto-percepção do processo de envelhecimento por parte dos idosos (com mais de 60 anos de idade) e os traços de personalidade e, (2) a compreensão das dimensõe...

  7. Atividade física e percepção do ambiente em idosos: estudo populacional em Florianópolis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maruí Weber Corseuil Giehl

    2012-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Estimar a prevalência da prática de atividade física de lazer em idosos e analisar sua associação com a percepção do ambiente. MÉTODOS: Estudo de base populacional, transversal, conduzido com 1.656 indivíduos com 60 anos ou mais residentes na zona urbana de Florianópolis, SC, de setembro de 2009 a junho de 2010. A atividade física de lazer foi mensurada utilizando-se a versão longa do Questionário Internacional de Atividade Física. Variáveis de percepção do ambiente foram mensuradas por meio de uma versão modificada da Neighborhood Environment Walkability Scale. Análises brutas e ajustadas foram realizadas utilizando-se regressão de Poisson com nível de 5% de significância. RESULTADOS: A prevalência de atividade física no lazer foi de 29,7% (IC95% 26,0; 33,3; 35,6% (IC95% 29,7; 41,6 entre os homens e 26,3% (IC95% 23,1; 29,4 entre as mulheres. Idosos que relataram a existência de calçadas, de ciclovias, vias e trilhas para pedestre no bairro, bem como aqueles que disseram receber o apoio de amigos ou vizinhos para realizar atividades físicas foram mais ativos no lazer. Quanto à influência do clima, idosos que relataram ser este uma barreira, foram classificados como mais ativos. CONCLUSÕES: A prática de atividade física de lazer ainda é pouco prevalente na população idosa de Florianópolis. Espaços públicos para a prática de atividade física e o incentivo a atividades em grupo podem desempenhar papel significativo na promoção da atividade física de lazer em idosos.

  8. Idosos “roqueiros” e juventude eterna: pistas para reflexão

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mariana Piccoli

    2013-10-01

    Full Text Available Neste artigo, fruto de pesquisa exploratória e qualitativa, buscou-se desenvolver uma discussão sobre rock, juventude, velhice e sua relação com os estereótipos negativos vinculados ao “ser velho” e ao “ser roqueiro”. Através de entrevistas individuais apoiadas em roteiros semiestruturados, coletaram-se percepções de quatro idosos (60 anos ou mais, residentes em São Paulo e que se consideram roqueiros, sobre questões vinculadas ao rock enquanto estilo de vida e movimento sociocultural originariamente “jovem”. Investigou-se também como essas pessoas lidam com o mito de “eterna juventude”, característico de algumas manifestações da cultura roqueira e do imaginário geral em torno do combate à velhice. Em relação à velhice, os quatro participantes entrevistados apontam aspectos negativos (limitações físicas e positivos (maturidade e experiência de vida. Se, por um lado, afirmam nunca ter tido um desejo de eterna juventude, por outro lado, nunca deixaram de se sentir jovens, pois se consideram, em sua maioria, jovens no espírito. Entendem, assim, que, embora a juventude seja uma etapa cronológica passageira, pode também se manifestar, se a pessoa quiser, como um estado de espírito permanente. Embora não sejam músicos, veem-se como roqueiros por gostarem do gênero musical, por terem vivenciado há muito tempo o rock e terem memórias relacionadas à cultura roqueira, mas também por socializarem em torno do rock, seja como forma de lazer, seja nas relações familiares. Todos são categóricos ao afirmarem que o rock, hoje, é para todas as idades. Em conclusão, se por um lado, de um modo geral, os entrevistados relatam uma negação de um desejo de eterna juventude, por outro lado, não se consideram, em sua maioria, uma pessoa idosa, o que pode parecer paradoxal. Abrem-se novas pistas investigativas, tais como: seria o sentimento de “juventude no espírito” mais frequente em idosos que se dizem

  9. Violência em idosos após a aprovação do Estatuto do Idoso: revisão integrativa

    OpenAIRE

    Simone Camargo Oliveira; Alessandra Cássia Leite; Luzia Cristina Antoniossi Monteiro; Sofia Cristina Iost Pavarini

    2012-01-01

    A violência é considerada um grave problema de saúde pública e o Estatuto do Idoso é um importante instrumento para combater a violência contra o idoso. Este trabalho trata-se de uma revisão integrativa com objetivo de identificar os principais aspectos da violência física, sofrida pelo idoso após a aprovação do Estatuto do Idoso no Brasil, em 2003. A escolha por esse período baseia-se no fato da aprovação do Estatuto do Idoso ser considerada um marco legal nas políticas públicas. Foram ident...

  10. Prevalência de violência por parceiro íntimo em idosos e fatores associados: revisão sistemática

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Deise Warmling

    Full Text Available Resumo Este artigo tem por objetivo identificar a prevalência de violência por parceiro íntimo (VPI em idosos e seus fatores associados. Realizou-se revisão sistemática de estudos transversais de base populacional nas bases de dados PubMed, Lilacs e PsycInfo, sem restrições quanto ao período e idioma de publicação. Dois revisores independentes conduziram a seleção, extração dos dados e análise de qualidade metodológica. Dezenove artigos foram selecionados para análise. Houve variação do tipo de violência, sexo dos entrevistados e instrumentos utilizados. A maioria dos estudos apresentou qualidade metodológica moderada ou alta. A VPI ocorreu em homens e mulheres idosos, sendo mais prevalentes a violência psicológica e o abuso econômico. Os fatores associados mais frequentes foram o consumo de álcool, depressão, baixa renda, comprometimento funcional e exposição pregressa à violência.

  11. Quais os suplementos alimentares mais utilizados?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alex Bisotto Ferreira

    2016-07-01

    Full Text Available O consumo de suplementos alimentares tem sido muito utilizado e difundido por praticantes de atividade física, em especial a musculação por pessoas com objetivos de melhora em desempenho, redução de gordura corporal, aumento de massa muscular entre outros. Esta pesquisa tem como objetivo revisar sobre quais os suplementos alimentares são utilizados na atualidade, e destacar o mais utilizado. A fonte dos dados é uma pesquisa bibliográfica realizada em média dos últimos 15 anos, foram examinados 232 estudos, sendo selecionados 48. Os suplementos alimentares discutidos nesse artigo foram: Carboidratos, vitaminas e minerais, l-carnitina, creatina, proteínas e aminoácidos. O principal motivo para a utilização de suplementos foi o aumento de massa muscular, predominantemente indicado por professores, instrutores e treinadores, apesar da grande variedade, os suplementos mais utilizados são as proteínas e aminoácidos, e, na maioria dos casos com o intuito de aumentar a massa muscular e melhorar sua recuperação.

  12. Collaboration between Chiang Mai and Aarhus Universities

    DEFF Research Database (Denmark)

    Balslev, Henrik; Trisonthi, Chusie; Srithi, Kamonnate

    2011-01-01

    Thai-Danish botanical research collaboration started over 100 years ago with Schmidts work on the flora of Koh Chang. In the 1950es the collaboration was fortalized with the initiation of the Flora of Thailand project. The collaboration was for many years centered in the Royal Forest Department i...... projects involving ethnobotanical studies are still under way. The funding for these projects has come from the Royal Golden Jubilee Program, Chiang Mai University and Thai Government stipends, and from Aarhus University........ in Bangkok and involved a large amount of collaborative fieldwork, graduate and post-graduate training, and publication. Over the years the collaboration has been extended to several other institutions and universities. Recent activities of Aarhus University have involved joint graduate training with Chiang...... Mai University, which is the subject of this presentation. Three graduate students have completed their doctoral training with research projects covering botany of ethnic groups in Thailand, taxonomic and ecological studies of Thai Nymphaeaceae, and ecophysiological studies of aquatic plants. Two...

  13. Relação entre tamanho e estrutura da rede de apoio e o tempo individual dedicado à atenção ao idoso na cidade de São Paulo, 2000

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristiane Silva Corrêa

    2016-04-01

    Full Text Available O presente artigo investiga como o tamanho e a estrutura da rede social do idoso influenciam a atenção que lhe é dedicada por cada indivíduo de sua rede. Para tanto, foram criados dois índices de atenção ao idoso, a partir de dados da Pesquisa Saúde, Bem-Estar e Envelhecimento na América Latina e Caribe (Sabe para a cidade de São Paulo, em 2000, e utilizados modelos de regressão logística ordenados. Considerou-se que a atenção dedicada ao idoso requer tempo e comunicação e que sua rede de apoio engloba tanto os corresidentes quanto seus filhos e irmãos não corresidentes e demais pessoas não corresidentes que possuem alguma relação com o idoso. Utilizando modelos de regressão logística ordenados, encontraram-se associações entre a atenção que cada indivíduo dedica ao idoso e as variáveis que designam a estrutura e o tamanho familiar. Constatou-se que a atenção e o tempo dedicado ao idoso, além de relacionados às características das pessoas envolvidas, a estrutura e o tamanho da rede, estão também associados à estrutura, tamanho e características das redes sociais dessas pessoas. Por exemplo, uma rede maior implica que o idoso recebe menos atenção de cada membro dela. A pessoa que casou apenas uma vez tem maior chance de receber níveis mais elevados de atenção. Uma maior proporção de filhas na prole implica que estas assumem a maior parte da responsabilidade, enquanto outros membros da rede são menos presentes.

  14. Risco de queda em idosos da comunidade: avaliação com o teste Timed up and go Risk of falling among elderly persons living in the community: assessment by the Timed up and go test

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Onivaldo Bretan

    2013-02-01

    Full Text Available Risco de queda em idosos pode ser avaliado por meio de um teste simples de mobilidade. OBJETIVO: Avaliar o equilíbrio de idosos usando o teste "Timed up and go". MÉTODO: Os indivíduos tiveram o tempo medido desde o momento em que se levantaram de uma cadeira, caminharam 3 metros para a frente e retornaram à cadeira. Os idosos também responderam questões sobre desequilíbrio, tontura e queda. RESULTADOS: Cerca de 69% dos sujeitos realizaram o teste em até 19 segundos. Houve correlação significativa entre desequilíbrio, tempo dispendido e queda, assim como entre tontura e queda. CONCLUSÃO: A maior parte dos idosos mostrou baixos valores no teste, o que sugere boa mobilidade funcional. Entretanto, um número expressivo de indivíduos com valores mais elevados estão, provavelmente, mais propensos a quedas e à dependência menor ou maior nas atividades da vida diária.The risk of falling in elderly can be analyzed by a simple mobility test. OBJECTIVE: To assess the balance of elderly subjects through the 'Timed up and go' test. METHOD: Subjects were timed for the moment they got up from a chair, walked for three meters, and came back to the chair. They also answered questions on imbalance, dizziness, and falls. RESULTS: Approximately 69% of the subjects completed the test in up to 19 seconds. There was a significant correlation between imbalance, time spent in the test, dizziness, and falls. CONCLUSION: Most of the elderly subjects performed well in the test, thus attesting to their good level of functional mobility. However, a significant number of poor-performers is probably more prone to falling and to depending on others to perform activities of daily living.

  15. Descrição da qualidade vocal de personagens idosos dos filmes de Hollywood Vocal quality description of senile characters from Hollywood movies

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gisele Oliveira

    2010-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: descrever a qualidade vocal de personagens idosos dos filmes de Hollywood. MÉTODOS: foram colhidas 50 amostras de fala de personagens idosos, 11 do sexo feminino e 39 do masculino, de 38 filmes hollywoodianos dos anos de 1993 a 2001. Através da análise perceptivo-auditiva das amostras de fala, 20 fonoaudiólogos treinados classificaram cada personagem em idoso e não idoso, além de avaliarem as vozes quanto aos seguintes parâmetros citados pela literatura como mais alterados: rouquidão, crepitação, soprosidade, tensão, aspereza, astenia, nasalidade, tremor, modulação, pitch e estabilidade da frequência fundamental. RESULTADOS: após a análise perceptivo-auditiva, foi observado que a grande maioria dos atores (82% utilizou voz de idoso para representar seus papéis. O marcador mais evidente nas vozes foi alteração na qualidade vocal (92%, demonstrada por crepitação (80%, soprosidade (54%, tensão (38%, rouquidão (30% e astenia (28%. O segundo marcador mais utilizado pelos atores nas suas representações foi a modulação vocal ampla e variada (44%. Também foram observadas alterações no controle da voz (36% e instabilidade da frequência fundamental (38%. CONCLUSÃO: a partir dos resultados obtidos pode-se concluir que os filmes de Hollywood caracterizam o idoso através de desvios evidentes na qualidade e modulação da voz, utilizando tipos de vozes alteradas e modulação vocal ampla e instável.PURPOSE: to describe the vocal quality of Hollywood movies characters playing elderly people roles. METHODS: a total of 50 aged character voice samples were used, 11 female and 39 male, from 38 Hollywood movies from the period between 1993 and 2001. Twenty speech therapists performed a perceptual auditory analysis. The listener's task required classifying each character either as elderly or as adult by their speech features, and also assessing their voices following the parameters that are most frequently addressed in the

  16. A prescrição medicamentosa sob a ótica do paciente idoso Drug prescription from the perspective of elderly patients

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jorge Juarez Vieira Teixeira

    2001-04-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: Os medicamentos modernos beneficiam em muito os pacientes idosos, porém seu uso por esse grupo etário apresenta maior risco. Os idosos são particularmente vulneráveis, utilizam múltiplos medicamentos e, conseqüentemente, apresentam mais reações adversas. O objetivo do estudo foi identificar a relação do paciente idoso com a prescrição de medicamentos. MÉTODOS: Desenvolveu-se um estudo descritivo de corte qualitativo mediante entrevistas semi-estruturadas, numa amostra intencional de 30 pacientes idosos, residentes da região urbana de Maringá, PR. Empregou-se a técnica de análise temática de discurso, utilizando-se três figuras metodológicas -- a Idéia Central, as Expressões-chave e o Discurso do Sujeito Coletivo. RESULTADOS: O consumo médio de medicamentos por idoso foi de 3,6 num intervalo entre 1 a 8. As idéias centrais apresentadas pelos sujeitos coletivos foram: consigo tomar sozinho; alguém me ajuda; eu tomo mais tarde; eu nunca esqueço; tem que ir no médico; nunca fez mal; eu costumo; às vezes eu leio, às vezes não; eu sempre dei um jeito de compra; já deixei. CONCLUSÕES: Formas mais eficientes para o seguimento da terapia instituída e o acompanhamento farmacoterapêutico do paciente idoso devem ser investigados.INTRODUCTION: Although modern drugs really benefit aged patients, they also entail an increased risk to this population. Elderly people have a particular risk because of using multiple drugs with implies having more adverse reactions. This study aimed to assess elderly patients' relationship with drug prescriptions. METHODS: A descriptive study of a qualitative methods was carried out using semi-structured interviews conducted in an intentional sample of 30 elderly patients living in the urban region of Maringá, Brazil, between February 25 and March 22, 1998. Participants were selected from the Co-Participative Pharmacy Database of the Department of Pharmacy and Pharmacology of the

  17. Preditores de mortalidade hospitalar no paciente idoso portador de doença arterial coronária

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    IGLÉZIAS José Carlos R.

    2001-01-01

    Full Text Available Introdução: O receio em nosso meio, em se retardar, erroneamente, a revascularização do miocárdio (RM em pacientes idosos determinou a realização deste estudo. Casuística e Métodos: Um total de 361 pacientes foram, consecutivamente, submetidos a RM entre 1992 e 1995, dos quais 30,7% eram mulheres, 69,3% homens; 36,7% encontravam-se em classe funcional III/IV. Foi realizada análise univariada com 19 fatores pré-operatórios e, a seguir, multivariada (regressão logística com as variáveis que mostraram associação significativa (p < 0,005. Resultados: Os fatores prognósticos da morbidade operatória foram: diabete melito, ICC, angina instável. Os pós-operatórios foram: acidente vascular cerebral, insuficiência renal, infecção e suporte respiratório prolongado. Conclusão: A RM pode ser realizada em pacientes com idade avançada, acompanhada de excelentes resultados (baixa mortalidade operatória, especialmente pacientes em classe funcional de ICC não muito avançada, propiciando melhora significativa da qualidade de vida.

  18. Obesity and underweight among Brazilian elderly: the Bambuí Health and Aging Study Obesidade e baixo peso entre idosos brasileiros: Projeto Bambuí

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sandhi M. Barreto

    2003-04-01

    Full Text Available The coexistence of obesity (body mass index, BMI > or = 30kg/m² and underweight (BMI or = 2 hospitalizations in the previous 12 months. Both obesity and underweight were associated with increased morbidity. The association of underweight with T. cruzi infection, increased hospitalization, and low family income may reflect illness-related weight loss and social deprivation of elderly in this community. Aging in poverty may lead to an increase in nutritional deficiencies and health-related problems among the elderly.A coexistência de obesidade (Índice de Massa Corpórea: IMC > ou = 30kg/m² e de baixo peso (IMC <=20kg/m² e seus fatores relacionados foram investigados em 1.451 idosos, 85,5% da população com 60+ anos residente em Bambuí, Minas Gerais, utilizando-se a análise logística multinomial. O IMC (média = 25,0; DP = 4,9kg/m² foi maior nas mulheres e diminuiu com a idade. A obesidade ocorreu em 12,5% dos idosos; foi associada positivamente ao sexo feminino, à maior renda familiar e presença de hipertensão e diabete, e inversamente à atividade física. O baixo peso ocorreu em 14,8% dos idosos, aumentou com a idade, foi maior nos homens e nas famílias com menor renda, esteve inversamente associado à presença de hipertensão e de hiperglicemia e diretamente associado à infecção por Tripanossoma cruzi e duas ou mais internações no último ano. A obesidade e o baixo peso foram ambos associados a uma maior morbidade. A associação do baixo peso com a infecção por T. cruzi, maior hospitalização e menor renda pode estar refletindo a perda de peso secundária a doenças ou à privação social do idoso nesta comunidade. Envelhecer na pobreza pode aumentar as deficiências nutricionais e os problemas de saúde entre idosos.

  19. Depressive symptoms and motor performance in the elderly: a population based study Sintomas depressivos e desempenho motor em idosos: estudo de base populacional

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kleyton T. Santos

    2012-08-01

    intervalo de confiança de 95%. RESULTADOS: Para todos os testes motores, o desempenho motor foi negativamente associado à sintomatologia depressiva, independentemente do sexo, idade, saber ler e escrever, renda familiar per capita e atividade física. Idosos com sintomas depressivos possuem entre 58% e 82% mais limitação funcional, a depender do teste de desempenho motor. CONCLUSÕES: Conclui-se que existe uma relação inversa entre sintomas depressivos e desempenho motor em idosos.

  20. Isolation of Cryptococcus gattii from a Castanopsis argyrophylla tree hollow (Mai-Kaw), Chiang Mai, Thailand

    NARCIS (Netherlands)

    Khayhan, Kantarawee; Hagen, Ferry; Norkaew, Treepradab; Puengchan, Tanpalang; Boekhout, Teun; Sriburee, Pojana

    2017-01-01

    The pathogenic yeast Cryptococcus gattii was isolated from a tree hollow of a Castanopsis argyrophylla King ex Hook.f. (Fagaceae) in Chiang Mai, Thailand. Molecular characterization with amplified fragment length polymorphism analysis and multi-locus sequence typing showed that this isolate belonged

  1. Os direitos da personalidade do idoso

    OpenAIRE

    Paiva, Maria Lucia Fabbres de

    2005-01-01

    RESUMO O presente trabalho tem por objetivo descrever o processo de envelhecimento e a sua receptividade nos direitos da personalidade. A tendência ao envelhecimento da população é mundial e irreversível. Viver mais é uma aspiração de qualquer ser humano, mas é importante viver com dignidade e qualidade. Procuramos demonstrar que o envelhecimento ocorre de forma natural, sem dor e que à medida que vivemos também envelhecemos. A dor existe com os mitos, os preconceitos, os maus-tratos, o a...

  2. POLÍTICAS PÚBLICAS E DIREITOS DOS IDOSOS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Amanda Santa Cruz Melo

    2017-04-01

    Full Text Available O presente trabalho busca identificar as políticas públicas criadas pelo Poder Público, bem como pela sociedade civil, para assegurar a proteção, promoção e inclusão social dos idosos, no Brasil. Pretende-se resgatar o papel do idoso no seio familiar e comunitário, valorizando o conhecimento adquirido ao longo da existência e respeitando os limites impostos com a chegada da velhice. Contudo, em virtude da inobservância dos direitos humanos, dos preceitos constitucionais e da legislação infraconstitucional, muitas ações conjuntas devem ser realizadas para que este segmento social tenha os seus direitos resguardados, uma vez que o processo de envelhecimento é crescente em todo o mundo e atinge a todos, indistintamente.

  3. Influência do tabagismo, obesidade, idade e gênero na função pulmonar de pacientes submetidos à colecistectomia videolaparoscópica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo Gonçalves de Oliveira

    Full Text Available O presente estudo foi idealizado com o objetivo de avaliar a influência do tabagismo, obesidade, idade e gênero na função pulmonar de pacientes submetidos à colecistectomia videolaparoscópica (CVL. Foi realizada avaliação prospectiva da função respiratória de pacientes submetidos à CVL em caráter eletivo, por espirometria simples, no pré-operatório e nos primeiro e sétimo dias de pós-operatório (OPO. Quarenta e oito pacientes foram avaliados e estratificados em grupos: tabagista/não-tabagista; obeso/não-obeso; idoso/não-idoso; homem/mulher. Os valores da capacidade vital forçada (CVF, volume expiratório forçado 1º segundo (VEF,, fluxos expiratórios forçados 25% (FEF25 e 50% (FEF50 apresentaram redução significante do pré-operatório para o primeiro OPO em todos os grupos, com exceção do FEF25 nos obesos, caracterizando-se assim alteração de padrão restritivo. No sétimo OPO houve recuperação dos parâmetros espirométricos para valores próximos aos níveis do pré-operatório. Não houve diferença significante na variação dos parâmetros espirométricos segundo os fatores de risco, nos mesmos períodos. Em conclusão, nas condições em que foi realizado o presente estudo, a idade, a obesidade, o gênero e o tabagismo não influenciaram, isoladamente ou em associação, as variações nos parâmetros espirométricos do pré-operatório para o primeiro OPO e para o sétimo OPO após a CVL.

  4. O RELACIONAMENTO DO IDOSO COM OS SEUS FAMILIARES

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alcinéa Eustáquia Costa

    Full Text Available Estudo exploratório-descritivo com os objetivos de conhecer o relacionamento interpessoal entre o idoso e seus familiares e verificar a percepção deste sobre o processo de envelhecimento. Foram entrevistadas 20 pessoas (10 homens e 10 mulheres acima de 60 anos. Os resultados encontrados, provavelmente subsidiarão a assistência de enfermagem a pessoas nessa faixa etária.

  5. Prazer e sofrimento de trabalhadoras de enfermagem que cuidam de idosos hospitalizados Placer y sufrimiento de las enfermeras que cuidan de ancianos hospitalizados Pleasure and suffering of nursing professionals in dealing with hospitalized elderly

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliana Petri Tavares

    2010-06-01

    Full Text Available Estudo exploratório-descritivo, com abordagem qualitativa, realizado com trabalhadores de enfermagem de um Hospital Universitário. Teve como objetivos conhecer o significado de ser idoso e identificar os fatores de prazer e sofrimento no cuidado aos idosos. Os dados foram coletados por meio de entrevista semiestruturada, submetidos à técnica da análise temática em torno de três eixos: o significado de ser idoso; os fatores de prazer e o sofrimento no cuidado ao idoso. As trabalhadoras de enfermagem associaram o idoso aos processos fisiológicos inerentes ao envelhecimento e ao surgimento de doenças. A superação de limites pelo idoso, a valorização dos cuidados prestados e a troca de experiências proporcionaram prazer às trabalhadoras. O sofrimento das trabalhadoras ocorreu diante de situações como abandono, descaso e iminência da morte dos idosos. Sugere-se organização de grupos de apoio e de espaços para as trabalhadoras compartilharem o prazer e o sofrimento no cuidado ao idoso.Estudio exploratorio-descriptivo, con abordaje cualitativo, que fue realizado con enfermeras de un Hospital Universitario. Tuvo como objetivos conocer el significado de ser anciano e identificar los factores de placer y sufrimiento en el cuidado a los ancianos. Los datos fueron recolectados por medio de una entrevista semiestructurada, sometidos a la técnica del análisis temático basado en tres ejes: el significado de ser anciano; los factores de placer y sufrimiento en el cuidado del anciano. Las enfermeras relacionaron al anciano a los procesos fisiológicos inherentes al envejecimiento y al surgimiento de enfermedades. La superación de límites por el anciano, la valoración de los cuidados prestados y el intercambio de experiencias proporcionaron placer a las enfermeras. El sufrimiento de las enfermeras se presentó frente a situaciones como abandono, negligencia y inminente muerte de los ancianos. Se sugiere la organización de grupos de

  6. Intersetorialidade na política de saúde do idoso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Grossi, Patricia Krieger

    2006-01-01

    Full Text Available Este artigo versa sobre a intersetorialidade na política de saúde do idoso. Apresenta uma discussão referente à conceituação e à construção da intersetorialidade. Aborda a saúde do idoso nos aspectos conceituais, legais e no enfrentamento de problemas concretos

  7. Representações sociais da sexualidade entre idosos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Amélia Crisóstomo Queiroz

    2015-08-01

    Full Text Available RESUMOObjetivo:conhecer a representação social sobre sexualidade de idosos, com base na Teoria das Representações Sociais.Método:estudo desenvolvido em Unidade Básica de Saúde da Família de Maracanaú-CE, Brasil, com 30 idosos. A coleta de dados ocorreu de março a abril de 2013, por meio da aplicação da técnica de evocação livre de palavras. Os dados coletados foram organizados e processados através do software EVOC 2000.Resultados:os sujeitos evocaram 150 palavras associadas ao termo indutor sexualidade e, destas, 43 diferentes. No possível núcleo central da representação dos idosos sobre sexualidade, foram encontradas as palavras: amor, carinho e respeito. Sexo, companheirismo, compreensão e convivência compuseram os elementos intermediários da representação.Conclusão:amor, respeito e carinho foram apontados como elementos centrais que estruturavam e organizavam a representação social da sexualidade na terceira idade pelo grupo estudado.

  8. Efeito da Universidade Aberta à Terceira Idade sobre a qualidade de vida do idoso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Keika Inouye

    2017-08-01

    Full Text Available Resumo A educação na velhice tem como finalidade promover conhecimentos que determinam redimensionamentos para o fomento da qualidade de vida a partir de pressupostos de interdisciplinaridade, participação social e promoção da saúde. Este estudo teve como objetivo avaliar o efeito do programa Universidade Aberta à Terceira Idade (UATI na qualidade de vida (QV de alunos idosos. Para tanto, foram realizadas medidas antes e após a intervenção (no início e término do ano letivo e comparações com os escores de um grupo que não frequentava a UATI. Os instrumentos usados para coleta de dados foram: Ficha de Caracterização do Participante, Critério de Classificação Econômica Brasil e Escala de Avaliação da Qualidade de Vida (QdV-DA. Todos os dados obtidos foram digitados em um banco no programa Statistical Program for Social Sciences para realização de análises estatísticas não paramétricas. Os dados mostraram que: (a existe diferença entre os escores totais de QV de idosos alunos da UATI antes e após a intervenção (no início e término do ano letivo e esta diferença é positiva (Z = - 4,541; p < 0,001; (b após a participação na UATI, as percepções de QV são mais elevadas quando comparadas ao grupo de indivíduos que não participava do programa (χ2 = 7,448; df = 1; p = 0,006. Os resultados deste estudo apontaram que a participação na UATI é favorável para o fomento das percepções de QV.

  9. Isolation of Cryptococcus gattii from a Castanopsis argyrophylla tree hollow (Mai-Kaw), Chiang Mai, Thailand.

    Science.gov (United States)

    Khayhan, Kantarawee; Hagen, Ferry; Norkaew, Treepradab; Puengchan, Tanpalang; Boekhout, Teun; Sriburee, Pojana

    2017-04-01

    The pathogenic yeast Cryptococcus gattii was isolated from a tree hollow of a Castanopsis argyrophylla King ex Hook.f. (Fagaceae) in Chiang Mai, Thailand. Molecular characterization with amplified fragment length polymorphism analysis and multi-locus sequence typing showed that this isolate belonged to genotype AFLP4/VGI representing C. gattii sensu stricto. Subsequent comparison of the environmental isolate with those from clinical samples from Thailand showed that they grouped closely together in a single cluster.

  10. Tuberculose no idoso: análise do conceito Tuberculosis en el anciano: análisis de concepto Tuberculosis in the elderly: concept analysis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Silvia Helena Figueiredo Vendramini

    2003-02-01

    Full Text Available O estudo teve como objetivo definir o conceito de tuberculose no idoso, expresso pela literatura existente na década de 80 e 90. Utilizou-se a análise de conceito, destacando-se os atributos essenciais, eventos antecedentes e conseqüentes do conceito a ser definido. A tuberculose no idoso é expressa como o recrudescimento de infecção longamente inativa. O idoso está mais predisposto à reinfecção, tanto endógena (mais freqüente como exógena. Dentre os eventos antecedentes, identificou-se a moradia nas instituições para idosos como importante fonte de contagio da doença. Os eventos conseqüentes mostraram a necessidade de enfoque diferenciado no diagnóstico e tratamento da doença no idoso, devido às caraterísticas clínicas especificas que o diferenciam dos adultos jovens. Conclui-se a necessidade de realizar novas indagações sobre a análise do conceito desenvolvido, a fim de contribuir na construção de conhecimentos que subsidiem no diagnóstico, tratamento e cuidado do doente idoso.El objetivo del estudio fue definir el concepto de "tuberculosis en el anciano" existente en la literatura científica de la década de 80 y 90. Se utilizó el análisis de concepto, destacándose los atributos esenciales, eventos antecedentes y consecuentes del concepto. La tuberculosis en el anciano se expresa como el recrudecimiento de infección largamente inactiva. El anciano presenta mayor predisposición para reinfección endógena (más frecuente y exógena. Entre los eventos antecedentes, se identificaron las instituciones para ancianos como importante fuente de contagio de la enfermedad. Los eventos consecuentes, mostraron la necesidad de enfocar de forma diferenciada el diagnóstico y tratamiento de la enfermedad por la presencia de características propias de la tuberculosis en este segmento de la población. En conclusión, se considera importante realizar nuevas investigaciones respecto al concepto desarrollado con la finalidad

  11. Perfil de idosos admitidos em serviço de fisioterapia frente à sazonalidade = Profile of elderly admitted to a physical therapy center as a function of seasonality

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rossi, Paulo Giusti

    2017-01-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Analisar o perfil e a prevalência de doenças em idosos admitidos em duas estações do ano distintas, em um serviço público de fisioterapia de um município de médio porte localizado em zona de clima subtropical de altitude. MÉTODOS: Um estudo transversal analisou prontuários de pacientes encaminhados nos meses que compreenderam o verão e o inverno de 2011. Foram incluídos os prontuários de idosos (acima de 60 anos de idade de ambos os sexos e excluídos os prontuários sem informações sobre o diagnóstico médico atual. Foram coletadas as variáveis idade e sexo e os diagnósticos atuais e pregressos. Para análise comparativa quanto ao perfil dos idosos admitidos nos dois períodos do ano, utilizou-se o teste Qui-quadrado. RESULTADOS: Foram analisados dados de 71 idosos. A média de idade foi de 69,2±8,1 anos e 48 (70,4% eram do sexo feminino. Os diagnósticos mais frequentes no momento do encaminhamento foram de doenças traumato-ortopédicas (60,6%. O maior número de admissões ocorreu durante o inverno (62,0%. Os diagnósticos no momento do encaminhamento foram, respectivamente no verão e no inverno: traumatoortopédicos 17 (63,0% e 26 (59,1%; reumatológicos 3 (11,1% e 10 (22,7%; neurológicos 5 (18,5% e 4 (9,1%; pós-operatório 2 (7,4% e 4 (9,1% (p=0,64. CONCLUSÕES: No inverno ocorreu maior demanda de encaminhamentos de idosos ao serviço de fisioterapia em comparação ao verão, com predomínio de mulheres em ambas as estações do ano. As causas de encaminhamento mais prevalentes foram relacionadas à traumatoortopedia, mas não houve diferença significativa na frequência dos diagnósticos conforme a estação do ano. O conhecimento sobre o perfil dos idosos admitidos em serviços de fisioterapia é importante para o planejamento de ações voltadas a essa faixa etária, com a realização de campanhas de informação, prevenção e promoção da saúde

  12. Utilização de fitoterápicos por idosos: resultados de um inquérito domiciliar em Belo Horizonte (MG, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lucianno D. P. Marliére

    Full Text Available Os fitoterápicos constituem uma modalidade de terapia complementar ou alternativa diante das necessidades de saúde e seu uso tem sido crescente na população idosa de diversos países. Entretanto, apresentam interações medicamentosas e reações adversas importantes e sua utilização não deve ser indiscriminada. Este estudo objetivou caracterizar o perfil de utilização de fitoterápicos por aposentados e pensionistas do INSS, com 60 anos e mais, residentes em Belo Horizonte, MG. A partir do cadastro do INSS, selecionou-se uma amostra aleatória de 881 idosos para entrevista. Investigou-se a prevalência de uso de fitoterápicos e interações medicamentosas potenciais. Um total de 667 (80,3% dos selecionados foi entrevistado. Setenta e um participantes (10,6% utilizaram fitoterápicos nos últimos 15 dias, principalmente aqueles preparados a partir de extratos de ginkgo (41,8%, aesculus (12,3% e isoflavonas de soja (8,2%. Mais de 60% dos fitoterápicos foram adquiridos em farmácias de manipulação. Aproximadamente 45% dos usuários de fitoterápicos estavam expostos a pelo menos uma interação medicamentosa potencial entre eles e medicamentos sintéticos, tais como entre ginkgo e diuréticos tiazídicos (14 e antiagregante plaquetário/anticoagulantes (8. São necessárias estratégias de orientação para o uso racional de fitoterápicos entre idosos, mais vulneráveis aos prejuízos decorrentes da utilização inadequada desses.

  13. Nutritional status in the oldest elderly and associated factors Estado nutricional de idosos longevos e fatores associados

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elaine Caroline Boscatto

    2013-02-01

    Full Text Available OBJECTIVE: To verify factors associated with nutritional status in an oldest elderly communitydwelling population in Southern Brazil. METHODS: This cross-sectional epidemiological and household-based study involved all subjects (n = 134 aged > 80 years who were living in Antônio Carlos (Santa Catarina state, Brazil. Nutritional status was assessed by body mass index (BMI 27.0 kg/m2, overweight. Explanatory variables in the study were: gender (women/ men, literacy (knows how to write and read - yes/no, living conditions (lives alone/with company, cognitive function (normal/altered, eating difficulty (yes/no, medication use (none to two/three or more, morbidity (none to two/three or more diseases, alimentary pattern (adequate/inadequate, alcohol consumption (none to one day a week, two or more days a week, cigarette smoking (never/current or former smoker, physical activity level ( 150 min/week, and sitting time ( 4 hours but 6 hours/day. RESULTS: Prevalence of underweight was 27.3% in men and 12.8% in women (p OBJETIVO: Verificar os fatores associados ao estado nutricional de uma população de idosos longevos vivendo em comunidade no sul do Brasil. MÉTODOS: Este estudo epidemiológico, transversal, de base domiciliar, envolveu todos os idosos (n = 134, com idade > 80 anos, residentes no município de Antônio Carlos (Santa Catarina. O estado nutricional foi verificado por meio do índice de massa corporal: (IMC 27,0, excesso de peso. As variáveis exploratórias do estudo foram: sexo, saber ler e escrever (sim/não; arranjo familiar (mora só/acompanhado; função cognitiva (normal/alterada; dificuldade para comer (sim/não; uso de medicamentos (0-2/3 ou mais; morbidades (0-2/ 3 ou mais, padrão alimentar (adequado/não adequado; consumo de bebidas alcoólicas (0-1 dia/sem. ou 2 ou mais dias/sem; tabagismo (nunca/fumante ou ex-fumante; nível de atividade física ( 150 min./sem.; tempo sentado ( 4 horas mas 6 horas/dia. RESULTADOS: A preval

  14. Estudo de 543 pacientes submetidos à lipoaspiração tumescente

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcos Antonio Rodrigues Martinez

    2010-09-01

    Full Text Available Introdução: A lipoaspiração é um dos procedimentos estéticos mais realizados, e sua segurança é sempre questionada.Objetivo:Verificar a segurança e complicações operatórias da lipoaspiração tumescente, bem como parâmetros demográficos, antropométricos e técnicos, como gordura aspirada.Métodos: Foram analisados retrospectivamente 543 pacientes submetidos à lipoaspiração pela técnica tumescente no centro cirúrgico do ambulatório da Faculdade de Medicina do ABC entre 2000 e 2005. Dados demográficos e antropométricos foram coletados e analisados, bem como dados referentes ao procedimento, como local aspirado, quantidade de solução tumescente infundida, volumes total e de gordura sobrenadante aspirados, além das com-plicações existentes.Resultados: As mulheres representaram 98% de todos os pacientes estudados, a média de idade foi de 33±8 anos com índice de massa corpórea de 22±2 kg/m2 .O abdome foi o local mais abordado, e o percentual de gordura aspirado em relação ao peso corporal variou de 0,43 a 1,66, sendo em média 0,97±0,33 %. Só 1,2% dos pacientes tiveram complicações consideradas leves e que foram tratadas rápida e adequadamente.Conclusões: Pudemos confirmar que a lipoaspiração pela técnica tumescente é procedimento muito seguro quando realizado por dermatologistas e cirurgiões plásticos devidamente treinados.

  15. Estudo paramétrico para um muro de gravidade submetido a carregamentos sísmicos.

    OpenAIRE

    Tatiana Galvão Kurz

    2014-01-01

    A presente dissertação apresenta um estudo do comportamento de um muro de gravidade flexível submetido a carregamentos sísmicos. A influência do carregamento sísmico, e mais precisamente da variação da aceleração horizontal de pico é avaliada num estudo paramétrico, através da análise dos resultados obtidos para os deslocamentos e acelerações horizontais que ocorreram no paramento do muro de gravidade. Optou-se pela análise ao longo do tempo, introduzindo o carregamento sísmico ao modelo numé...

  16. Avaliação dos níveis séricos das vitaminas A, E, C e B2, de carotenóides e zinco, em idosos hospitalizados

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vannucchi Hélio

    1994-01-01

    Full Text Available Foram verificados os níveis séricos de zinco, carotenóides e vitaminas A, E, C, B2 em todos os idosos (n = 202 internados nas diversas enfermarias do hospital estudado, no período de fevereiro de 1986 a outubro de 1988. Foram estudados 130 homens e 72 mulheres que apresentaram média de idade de 67,8 anos, com variação entre 60 a 88. A percentagem de níveis séricos deficitários foi de 59,5 para o zinco, 56,5% para a vitamina C, 34,5% para a vitamina B2, 26% para a vitamina E, 13,2% para a vitamina A e 6,8% para os carotenóides. Os idosos portadores de leucoses, magaesôfogo, doença pulmonar obstrutiva crônica e insuficiência cardíaca congestiva constituíram-se no grupo de pacientes com grande prevalência de estado deficitário de zinco e das vitaminas estudadas, resultados que mostram a importância de se investigar as deficiências desses micronutrientes e dão subsídios para a abordagem terapêutica mais racional do paciente idoso internado.

  17. Rede FIBRA-RJ: fragilidade e risco de hospitalização em idosos da cidade do Rio de Janeiro, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mariangela Perez

    2013-07-01

    Full Text Available O objetivo do estudo foi determinar o perfil de risco e fatores associados à fragilidade em idosos da comunidade. A população-fonte constituiu-se de indivíduos com 65 anos ou mais, residentes nos bairros da zona norte da cidade do Rio de Janeiro, Brasil, e clientes de uma operadora de saúde. O estudo foi transversal, na linha de base de uma coorte, com amostra estratificada por sexo e idade, composta por 764 indivíduos. Para a estratificação de risco, utilizou-se o instrumento de rastreio probabilidade de internações repetidas (PIR. A análise de regressão logística foi realizada para estudar a associação entre a PIR e um conjunto de variáveis sociodemográficas, de estado de saúde, funcionais e cognitivas, após a análise bivariada. Encontraram-se 6,7% de idosos com alto risco de internação. Associaram-se ao risco de internação câncer, quedas, doença pulmonar obstrutiva crônica e medicamentos usados, bem como as seguintes condições: receber visita de profissional da saúde, ter estado acamado no domicílio, morar só e praticar as atividades de vida diária. O instrumento parece ser útil na estratificação de risco dos idosos.

  18. A saúde dos idosos brasileiros às vésperas do século XXI: problemas, projeções e alternativas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Chaimowicz Flávio

    1997-01-01

    Full Text Available São analizadas as características atuais e as perspectivas dos processos de transição demográfica e epidemiológica no Brasil. Foram utilizados os resultados do censo demográfico de 1991 e 1996 e Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD de 1993 e 1995, de novas projeções populacionais, e de recentes estudos sobre o perfil socioeconômico e de saúde de idosos de três grandes capitais brasileiras. Embora se estime que a proporção de idosos deverá duplicar até 2050, alcançando 15% do total da população, doenças crônico-degenerativas e distúrbios mentais já têm determinado, atualmente, maciça utilização dos serviços de saúde. O desenvolvimento de doenças, incapacidades e dependência têm sido mais freqüentes dentre aqueles de baixa renda que, no entanto, não têm conseguido garantir a assistência social e de saúde que demandam. Ações preventivas devem ser coordenadas por unidades básicas de saúde, priorizando necessidades locais. É imprescindível o investimento imediato na saúde, educação e formação técnica dos jovens, nos programas de apoio aos familiares e na manutenção de idosos em atividades produtivas adequadas.

  19. A saúde dos idosos brasileiros às vésperas do século XXI: problemas, projeções e alternativas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Flávio Chaimowicz

    1997-04-01

    Full Text Available São analizadas as características atuais e as perspectivas dos processos de transição demográfica e epidemiológica no Brasil. Foram utilizados os resultados do censo demográfico de 1991 e 1996 e Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD de 1993 e 1995, de novas projeções populacionais, e de recentes estudos sobre o perfil socioeconômico e de saúde de idosos de três grandes capitais brasileiras. Embora se estime que a proporção de idosos deverá duplicar até 2050, alcançando 15% do total da população, doenças crônico-degenerativas e distúrbios mentais já têm determinado, atualmente, maciça utilização dos serviços de saúde. O desenvolvimento de doenças, incapacidades e dependência têm sido mais freqüentes dentre aqueles de baixa renda que, no entanto, não têm conseguido garantir a assistência social e de saúde que demandam. Ações preventivas devem ser coordenadas por unidades básicas de saúde, priorizando necessidades locais. É imprescindível o investimento imediato na saúde, educação e formação técnica dos jovens, nos programas de apoio aos familiares e na manutenção de idosos em atividades produtivas adequadas.

  20. Factores de riesgo para complicaciones en el periodo de recuperación post anestésica en el paciente anciano Fatores de risco para complicações no período de recuperação pós anestésica no paciente idoso Risk factors for complications in the post anesthesia period in elderly patients

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Isabel Yovana Quispe Mendoza

    2010-11-01

    Full Text Available Objetivos. Identificar los factores de riesgo para complicaciones en el periodo de recuperación post anestésica en el paciente anciano. Metodología. Estudio descriptivo retrospectivo. Los datos fueron recolectados de las historias clínicas de pacientes ancianos. Resultados. Se estudiaron 110 pacientes que tuvieron este perfil: sexo masculino (56.4%, hipertensos (32.7% y fueron clasificados en ASA II (60.0%. En cuanto al intraoperatorio: fueron sometidos a cirugía abdominal (53.6%, les administraron anestesia general (50.9%, estuvieron durante la cirugía posición de decúbito dorsal (81.8% y el período intraoperatorio fue inferior a tres horas (62.7%. Las complicaciones más frecuentes fueron: hipotermia (55.5%, dolor (43.6% y aumento de la presión arterial (36.4%. Conclusión. Se evidenció la importancia de la visita preoperatoria con la finalidad de evaluar los factores de riesgo que puedan influenciar en el procedimiento quirúrgico.Objetivos. Identificar os fatores de risco para complicações no período de recuperação pós anestésica no paciente idoso. Metodologia. Estudo descritivo retrospectivo. Os dados foram coletados das histórias clínicas de pacientes idosos. Resultados. Estudaram-se 110 pacientes que tiveram este perfil: sexo masculino (56.4%, hipertensos (32.7% e foram classificados em ASA II (60.0%. Quanto ao intra-operatório: foram submetidos a cirurgia abdominal (53.6%, administraram-lhes anestesia geral (50.9%, estiveram durante a cirurgia posição de decúbito dorsal (81.8% e o período intra-operatório foi inferior a três horas (62.7%. As complicações mais freqüentes foram: hipotermia (55.5%, dor (43.6% e aumento da pressão arterial (36.4%. Conclusão. Evidenciou-se a importância da visita pré-operatória com a finalidade de avaliar os fatores de risco que possam influenciar no procedimento cirúrgico.Objective. To identify the risk for complications in the post anesthesia recovery period in elderly

  1. Uma revisão sobre instrumentos de rastreamento de violência doméstica contra o idoso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Montes Paixão Jr.

    Full Text Available Os dados sobre violência contra o idoso são escassos no Brasil. Para estudos adequados sobre a magnitude, fatores de risco e cuidados às vítimas, é necessária documentação sistemática e acurada. Este artigo revisou os instrumentos de rastreamento e avaliação de violência no idoso visando examinar o progresso no contexto internacional e brasileiro. Utilizando as bases de dados MEDLINE, PsycINFO, LILACS, CANE, OVIDs citations e livros de referência, realizou-se uma revisão sistemática da literatura para a seleção dos instrumentos. Fez-se, também, um escrutínio dos estudos de psicometria e utilização dos instrumentos, aplicando-se critérios para avaliar a qualidade dos estudos. Dos dezessete instrumentos encontrados, somente a Conflicts Tactics Scale foi adaptada para o Brasil, ainda que para uso em um grupo etário mais jovem. Alguns outros com boas características psicométricas também foram encontrados, como o Caregiver Abuse Screen, Elder Abuse Assessment Tool, Hwalek Sengstok Abuse Screening Test, Indicators of Abuse Screen, Qualcare scale e Vulnerability to Abuse Screening Scale. Ainda assim, de forma geral, há lacunas importantes nos processos de concepção, validação e adaptação desses instrumentos no Brasil e no exterior.

  2. Relações entre o bem-estar subjetivo e a funcionalidade em idosos em seguimento ambulatorial Relationship between subjective well-being and the functionality of elderly outpatients

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Giovana Sposito

    2010-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Este estudo teve como objetivo verificar a relação entre o bem-estar subjetivo, independência funcional e desempenho de membros inferiores (força muscular, velocidade de marcha e equilíbrio de idosos em seguimento ambulatorial, em relação ao sexo e a grupos etários. MÉTODOS: Foram avaliados 125 idosos de ambos os sexos com idade mínima de 60 anos, atendidos em um ambulatório de geriatria. Os instrumentos utilizados foram: 1 Medida da Independência Funcional (MIF para avaliar a dependência funcional; 2 Short Physical Performance Battery (SPPB para medir o desempenho físico; 3 Bem-Estar Subjetivo (BES: questões sobre a saúde e satisfação com a vida. RESULTADOS: A amostra utilizada foi de conveniência, com predomínio do sexo feminino, que apresentou maior comprometimento funcional. As correlações do bem-estar subjetivo com o teste de desempenho não demonstraram diferenças entre os sexos, contudo os idosos mais velhos apresentaram maior nível de satisfação que os idosos mais jovens. A saúde percebida também foi mais satisfatória entre os idosos mais velhos. Entretanto, a saúde percebida comparada mostrou melhores resultados nos idosos com moderado a bom desempenho físico. CONCLUSÃO: Os resultados sugerem que indivíduos mais velhos apresentam maior satisfação com a vida e melhor saúde percebida. Além disso, o bom desempenho físico foi uma variável de relevância para melhor saúde percebida quando comparada a outras pessoas.OBJECTIVE: The aim of this study was to investigate the relationship between subjective well-being, functional independence and lower-limb performance (muscle strength, gait velocity and balance among elderly people undergoing outpatient follow-up, stratified by sex and age groups. METHODS: We evaluated 125 elderly people, aged 60 years and over, who received care at a geriatric outpatient clinic. The instruments used were: 1 Functional Independence Measure (FIM to evaluate

  3. Causas e conseqüências de quedas de idosos atendidos em hospital público Falls among older adults seen at a São Paulo State public hospital: causes and consequences

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Suzele Cristina Coelho Fabrício

    2004-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Investigar a história da queda relatada por idosos, identificando fatores possivelmente relacionados, assim como local de ocorrência, causas e conseqüências. MÉTODOS: A amostra da investigação constou de 50 idosos, de ambos os sexos, com idade de 60 anos ou mais, residentes em Ribeirão Preto, SP, que haviam sido atendidos em duas unidades de um hospital público. Foram consultados prontuários e realizadas visitas domiciliares para aplicação de um questionário estruturado com perguntas abertas, fechadas e mistas relativas à queda. RESULTADOS: Os dados obtidos mostraram uma realidade que não difere substancialmente daquela encontrada em outros países. A maioria das quedas ocorreu entre idosos do sexo feminino (66%, com idade média de 76 anos, no próprio lar do idoso (66%. As causas foram principalmente relacionadas ao ambiente físico (54%, acarretando sérias conseqüências aos idosos, sendo as fraturas as mais freqüentes (64%. A queda teve grande impacto na vida do idoso no que se refere às atividades da vida diária. Provocou maior dependência para a realização de atividades como: deitar/levantar-se, caminhar em superfície plana, cortar unhas dos pés, tomar banho, caminhar fora de casa, cuidar das finanças, fazer compras, usar transporte coletivo e subir escadas. CONCLUSÕES: O estudo demonstrou que a queda ocorrida entre os idosos traz sérias conseqüências físicas, psicológicas e sociais, reforçando a necessidade de prevenção da queda, garantindo ao idoso melhor qualidade de vida, autonomia e independência.OBJECTIVE: To investigate the history of accidental falls reported by older adults, identifying possibly related factors, as well as place of occurrence, causes, and consequences. METHODS: The sample investigated included 50 older adults, of both sexes, ages 60 years or older, living in the city of Ribeirão Preto, Southeastern Brazil, who had been seen at two inpatient units of a public hospital

  4. Experiências e tendências internacionais de modelos de cuidado para com o idoso International experiences and trends in health care models for the elderly

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renato Peixoto Veras

    2012-01-01

    Full Text Available A profunda transformação socioeconômica do Brasil é impulsionada, inclusive, pela mudança demográfica. Gastos em saúde aumentarão devido ao aumento da população idosa e ao maior uso dos serviços de saúde. A Agência Nacional de Saúde Suplementar publicou uma resolução que incentiva a participação de beneficiários de planos de saúde em programas de envelhecimento ativo, com a possibilidade de descontos nas mensalidades. Assim, idosos passam a receber benefícios pecuniários para aderir a programas de saúde preventiva e de detecção precoce de doenças. Avaliamos as perspectivas nos Estados Unidos e no Reino Unido, analisando seus erros e acertos, aprendizado que talvez permita a formulação de ações de saúde mais adequadas para nossos idosos e com melhor relação custo-benefício. Este artigo de Opinião visa demonstrar às operadoras brasileiras que é hora de mudar e estimular a discussão sobre a necessidade de novas estratégias. O foco criativo deve ser dirigido ao cuidado dos idosos, que são os que mais sofrem os efeitos de sua própria fragilidade e os que mais demandam serviços de saúde.The profound socio-economic transformation occurring in Brazil is also driven by the demographic changes. Health expenditures will increase due to the aging population and increased use of health services. The National Agency for Supplementary Health published a resolution that encourages the participation of beneficiaries in health insurance programs for active aging, with the possibility of discounts in fees. Thus, the elderly now receive cash benefits to adhere to preventive health programs and early detection of diseases. We assessed the programs in the U.S. and UK, analyzing their successes and failings, which may assist in the formulation of health policies that are more appropriate and more cost-effective for the Brazilian elderly. This Opinion article seeks to demonstrate to Brazilian operators that it is time to

  5. Validade da rotina de realização do eletrocardiograma na avaliação pré-operatória de idosos Validez de la rutina de realización del electrocardiograma en la evaluación pre-operatoria de ancianos The validity of the electrocardiogram accomplishment in the elderly surgical patient preoperative evaluation

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Flávia Salles de Souza

    2005-02-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Com os avanços médicos e o aumento da expectativa de vida, a população de idosos submetidos a procedimentos cirúrgicos vem aumentando. O paciente idoso tem maior morbiletalidade cardíaca peri-operatória do que o paciente jovem, mesmo quando assintomático. O eletrocardiograma (ECG tem sido solicitado no período pré-operatório na tentativa de reduzir a morbiletalidade intra-operatória, porém sua eficácia é controversa. Não há consenso na literatura a respeito da indicação do ECG em pacientes idosos no período pré-operatório, o que motivou a realização deste estudo. O objetivo foi verificar retrospectivamente a validade da rotina de realização do ECG no período pré-operatório numa população de pacientes idosos cirúrgicos. MÉTODO: Análise retrospectiva de prontuários de pacientes a partir de 60 anos, submetidos a cirurgias diversas, durante o período de 6 meses. Os dados foram coletados para análise descritiva da população estudada; avaliação da incidência e dos tipos mais freqüentes de anormalidade dos ECG; análise comparativa dos pacientes com ECG normal e alterado em relação às diversas variáveis - idade, faixa etária, estado físico, presença de doença cardiovascular (DCV, complicações intra (CIO e pós-operatórias (CPO.Também foram avaliados os pacientes sem DCV e aqueles com estado físico ASA I em relação às CIO e CPO, segundo os tipos de alterações do ECG e faixa etária. RESULTADOS: Foram analisados os prontuários de 481 pacientes, dos quais 287 continham ECG e destes, 88,8% apresentavam anormalidades, sendo a mais freqüente, a alteração da repolarização ventricular. Não foi observada influência das variáveis estudadas sobre a incidência de ECG alterados. A incidência de alterações do ECG aumentou com o avanço da idade em todos pacientes estudados. Com o avanço da idade também ocorreu aumento da incidência de pacientes com ECG alterados

  6. MORDIDA: EM QUEM DÓI MAIS?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    FERREIRA, A.L.N.

    2015-12-01

    Full Text Available O início da vida escolar da criança é marcante tanto para pais quanto para professores. É comum que ao ingressar no ambiente escolar, as crianças vivenciem novas experiências e relações sociais distantes do ambiente familiar, demonstrando assim comportamentos, tais como: choro, timidez e mordidas. O presente trabalho tem como objetivo analisar a opinião dos pais e responsáveis de crianças na faixa etária de 18 meses a 2 anos em relação à mordida no ambiente escolar. Diante esta situação, a psicóloga clínica e escolar Hennemann (2004 explica: “Esta é uma manifestação de desenvolvimento considerada impulsiva e exploratória”. Este comportamento aparece e desaparece à medida que a criança amadurece e encontra outras formas de exploração do ambiente. Freud (1920 explica que a fase oral é o período em que a criança sente necessidade de levar à boca tudo o que estiver ao seu alcance, pois o prazer vital está ligado à nutrição. Ela experimenta o mundo com o que conhece melhor: a boca. Outra razão é a necessidade de se comunicar. A metodologia utilizada nesse trabalho utilizou a abordagem qualitativa e quantitativa. Foram analisadas 26 entrevistas realizadas com os pais dos alunos do pré-maternal do CENSA. O período de adaptação escolar é o período em que as mordidas mais acontecem por isso nessa época sua intervenção deve ser maior. Diante dos resultados obtidos, observamos que muitos pais apesar de entender que a mordida faz parte desta faixa etária, mostram-se desconfortáveis com esta situação e buscam junto à escola, estratégias capazes de minimizar esta atitude da criança. Não veem a mordida como algo natural, mas também não supervalorizam o ato como violência. Buscam entender o contexto onde geralmente aconteceu a situação e agem junto aos professores, seguindo as orientações da escola. Constatamos que a parceria entre escola e família é o elemento fundamental para garantir que esta

  7. Perfil do paciente idoso atendido por um Programa de Atenção Domiciliar do Sistema Único de Saúde em Porto Alegre, RS.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alethéia Peters Bajotto

    2012-10-01

    Full Text Available Objetivo: O objetivo deste artigo é apresentar o perfil dos pacientes idosos que participaram do Programa de Atenção Domiciliar da equipe do Grupo Hospital Conceição, nos anos de 2009 e 2010. Métodos: O estudo caracteriza-se por ser descritivo, transversal e quantitativo com base em pesquisa em banco de dados do PAD (Programa de Atenção Domiciliar, no período de 2009 e 2010.  Resultados: maioria dos usuários do serviço é do sexo feminino, com idades variando de 60 a 98 anos, média de internação em torno de 25 a 30 dias. Áreas de maior complexidade utilizam mais o serviço de internação domiciliar (Medicina Interna, Emergência, Cardiologia e os pacientes estão vinculados principalmente às unidades básicas do IAPI, Sarandi e Passo das Pedras. Conclusões: houve um crescimento no número de internação de idosos pela equipe do PAD – o que demonstra o aumento na demanda associado ao reconhecimento do serviço. Porém, a média de dias de internação dos pacientes diminuiu, demonstrando provavelmente, maior eficiência do serviço.

  8. Ausência de expectativa de suporte para o cuidado aos idosos da comunidade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Déborah Cristina de Oliveira

    2016-06-01

    Full Text Available RESUMO Objetivo: identificar fatores associados à ausência de expectativa de suporte para o cuidado aos idosos da comunidade. Método: foram utilizados parte dos dados do estudo multicêntrico "Fragilidade em Idosos Brasileiros", pesquisa quantitativa, epidemiológica e transversal desenvolvida no período de 2008 a 2009. Foram realizadas análises de comparação e regressão dos dados de 671 idosos. Resultados: a avaliação da expectativa de suporte para o cuidado aos idosos mostrou-se um bom indicador de risco para ausência de expectativa de suporte em mulheres, idosos que residiam sozinhos e com percepção ruim da própria saúde. Conclusão: conclui-se que é preciso refletir sobre o sistema de suporte oferecido aos idosos no Brasil, visto que o perfil destes que estão em risco é cada vez maior na população. Ressalta-se também a importância da inserção de métodos subjetivos para avaliação da percepção dos idosos sobre suporte para o cuidado.

  9. Satisfação global com a vida e determinados domínios entre idosos com amputação de membros inferiores

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria José D'Elboux Diogo

    2003-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Em idosos com amputação de membros inferiores, atendidos no ambulatório de amputados de um hospital universitário do Município de Campinas, São Paulo, Brasil, identificar relações entre a satisfação global com a vida e a capacidade funcional; avaliar o grau de satisfação com os domínios saúde, capacidade física/dependência, capacidade mental e integração/envolvimento social; e identificar relações entre a satisfação global com a vida e a satisfação com os domínios. MÉTODOS: Foram avaliados 40 idosos (30 homens e 10 mulheres, com idade média de 74,5 anos (60 a 79 anos, submetidos à amputação acima dos maléolos há no mínimo 1 ano e em acompanhamento para reabilitação entre junho de 1994 e junho de 1999. O instrumento utilizado para a coleta de dados foi composto por: 1 avaliação da capacidade funcional (índice de Barthel; 2 avaliação da satisfação global com a vida (modelo de Cantrill; e 3 avaliação da satisfação com os domínios saúde, capacidade física/dependência, capacidade mental e integração/ envolvimento social, em termos individuais e em comparação com outros idosos. RESULTADOS: Os participantes apresentaram elevado nível de satisfação global com a vida (média de 7,1; mediana de 7,5; desvio padrão de 2,73. Não houve correlação significativa entre a satisfação global com a vida e a capacidade funcional. Não houve diferença significativa entre o grau de satisfação individual com os diferentes domínios e a percepção desses domínios na comparação com outras pessoas da mesma idade; em ambos os casos, a satisfação observada foi alta. Houve correlação significativa apenas entre a satisfação global com a vida e os domínios saúde (individual e comparada e capacidade física (comparada. CONCLUSÕES: Os resultados sugerem uma tendência dos idosos com amputação a expressarem uma avaliação positiva sobre seu bem-estar. Esta observação, aliada à escassez

  10. Treinamento auditivo formal em idosos usuários de próteses auditivas Formal auditory training in elderly hearing aid users

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elisiane Crestani de Miranda

    2008-12-01

    Full Text Available A implantação de programas de reabilitação para o deficiente auditivo idoso é de grande importância. OBJETIVO: Verificar a eficácia de um programa de treinamento auditivo formal em idosos que receberam próteses auditivas há no mínimo três meses, por meio de testes de reconhecimento de fala e questionário de auto-avaliação. MÉTODO: Estudo de coorte contemporânea longitudinal. Foram selecionados 13 idosos usuários de próteses auditivas intra-aurais em adaptação binaural, de ambos os sexos, com idade média de 65,30 anos. Este grupo foi subdividido aleatoriamente em Grupo Experimental e Grupo Controle, por meio de sorteio. O Grupo Experimental foi submetido a sete sessões de treinamento auditivo formal, visando estimular as habilidades auditivas de fechamento auditivo, memória, atenção, figura-fundo e integração binaural. Os participantes foram avaliados por três testes comportamentais e um questionário de auto-avaliação. RESULTADOS: Os idosos do Grupo Experimental apresentaram desempenho significantemente melhor nas avaliações após o treinamento auditivo e também em relação ao Grupo Controle. CONCLUSÃO: O programa de treinamento auditivo em cabina acústica, associado ao uso de próteses auditivas, melhora o desempenho das habilidades de reconhecimento de fala e reduz a percepção do handicap auditivo de idosos usuários de próteses auditivas intra-aurais.It is of paramount importance to install hearing rehabilitation programs for the elderly. AIM: to check the efficacy of a forma auditory training program for elderly patients fitted with hearing aids for at least three months, by means of speech recognition tests and self-assessment questionnaires. METHODS: longitudinal contemporary cohort study. We selected 13 elderly hearing aid users, using intra-canal hearing aids in both ears, from both genders, with average age of 65.3 years. This group was randomly divided in Experiment Group and Control Group. The

  11. Influências temporais nas características e fatores de risco de pacientes submetidos a revascularização miocárdica The influence of time on the characteristics and risk factors for patients submitted to myocardial revascularization

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Flávia H. Feier

    2006-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Comparar perfil clínico e cirúrgico entre dois grupos de pacientes submetidos a Cirurgia de Revascularização Miocárdica (CRM no Instituto de Cardiologia do Rio Grande do Sul, com intervalo de 10 anos; observar sua influência na mortalidade hospitalar e verificar previsibilidade deste resultado mediante escore de risco. MÉTODOS: Estudo de coorte retrospectivo, envolvendo 307 pacientes submetidos a CRM isolada em período semestral de 1991/92 (grupo INICIAL, n=153 ou 2001/02 (grupo ATUAL, n=154. Foram analisados características demográficas, doenças cardíacas, co-morbidades e eventos operatórios, visando à comparação entre grupos e definição do escore de risco de morte hospitalar (conforme Cleveland Clinic. RESULTADOS: O grupo ATUAL tinha idade mais avançada, condição cardíaca mais grave (classe funcional, prevalência de insuficiência cardíaca e número de vasos com lesão severa e maior prevalência de co-morbidades. Os pacientes iniciais mostraram maior prevalência na indicação cirúrgica de urgência. Não ocorreu diferença no escore médio de risco calculado para ambos os grupos (2,8 + 3,1 no INICIAL e 2,2 + 2,5 no ATUAL ou na mortalidade hospitalar (respectivamente 3,3% e 1,9%, valores comparáveis com os comunicados pela Cleveland Clinic (para escore de risco 3, mortalidade prevista de 2,0 %, com limite de confiança 95% de 0-4,3% e mortalidade real em estudo de confirmação de 3,4%. CONCLUSÃO: Pacientes atualmente submetidos a CRM são mais idosos e em pior condição clínica (cardíaca e sistêmica que os operados há 10 anos, mas a pontuação no escore de risco e a mortalidade hospitalar foram discretamente aumentadas no grupo inicial. Para isto, pode ter contribuído maior prevalência de cirurgias de urgência. Um escore de risco pode ser utilizado para identificar pacientes que requerem maiores cuidados e predizer o resultado cirúrgico.OBJECTIVE: To compare clinical and surgical and clinical

  12. The reality of the elderly with Alzheimer’s disease caretaking: an analysis based on the elderly attended by public services A realidade da atenção a idosos portadores da doença de Alzheimer: uma análise a partir de idosos atendidos em serviços públicos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mara Solange Gomes Dellaroza

    2010-10-01

    ; descrever o processo de diagnóstico da doença; identificar os recursos terapêuticos utilizados pelos idosos. Estudo quantitativo, com entrevista a 22 idosos de um ambulatório público especializado, com aplicação da escala de Katz, Lawton, Mini Exame do Estado Mental (MEEM. Os idosos eram, na maioria, mulheres, casadas (50%, com média etária de 80,2 anos. Os cuidadores eram mulheres (59%, com média de idade de 61,5 anos, e a maioria eram filhos, seguidos pelos cônjuges. Dedicavam mais de oito horas diárias de cuidado ao idoso, sem rodízio com outros familiares e 50% dos idosos contavam com a ajuda financeira de filhos e apoio de grupos sociais. Sessenta e três (63,6% dos idosos apresentam dependência parcial para Atividade de Vida Diária Instrumental (AVDI. A maioria dos diagnósticos foi confirmada no ambulatório de especialidades por neurologistas. Os idosos usavam tratamento medicamentoso e nenhum realizava terapêuticas não-farmacológicos.

  13. Strawberry fruit resistance to simulated handling Resistência física de morangos submetidos ao manuseio

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcos David Ferreira

    2008-01-01

    ,040 para 0,083 J ocorreu aumento no volume da injúria em sete vezes (13 para 91 mm³. Frutos submetidos à queda de 380 mm (0,075 J demonstraram volumes de danos físicos 71% superiores do que aqueles ocasionados em queda de 130 mm (0,025 J ou 200 mm (0,040 J. Frutos em teste de compressão mostraram maiores volumes de injúrias físicas do que outros testes. Alguns cultivares são mais sensíveis à força de compressão do que outros. Frutos cultivar 'Sweet Charlie' apresentaram volume de injúria 40% superiores do que outros quando submetidos à força de compressão. Morangos submetidos à força de impacto demonstraram volume de injúria inferior do que aqueles comprimidos, indicando a possibilidade dos morangos serem classificados e manuseados em uma linha de beneficiamento.

  14. Percepção de autoinstilação de gotas oculares em idosos com ou sem dispositivo de apoio facial

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Arlindo Jose Freire Portes

    Full Text Available RESUMO Objetivo: Determinar o grau de dificuldade para instilação tópica ocular em idosos, com ou sem o auxílio de dispositivo de apoio facial, por meio de questionário. Observar qual método foi tecnicamente melhor para aplicação tópica ocular de gotas. Métodos: O estudo foi um ensaio clínico, controlado, randomizado e pareado, realizado em 50 pacientes idosos de setembro de 2015 a junho de 2016 na Policlínica Ronaldo Gazolla, Lapa-Rio de Janeiro. Um frasco de colírio Optive® foi acoplado ao dispositivo de apoio facial denominado Eyedrop®. Cada participante instilou o colírio com ou sem o auxílio do dispositivo em cada um dos olhos, sendo que a seleção ocular foi feita aleatoriamente. Foi perguntado ao paciente questões pré-formuladas sobre a dificuldade de ambos os métodos e a técnica de administração tópica ocular foi avaliada. Resultados: A instilação de gotas foi considerada difícil ou muito difícil por 10% dos idosos com o auxílio do dispositivo e por 36% sem o auxílio (p = 0,0047. Houve toque da ponta do colírio com os tecidos oculares em 64% dos pacientes que não usaram o Eyedrop® e em 4% dos que o utilizaram (p=0,000001. A maior dificuldade descrita na instilação tradicional foi acertar o olho com a gota (32% e com o dispositivo de apoio foi entender seu uso(4%. Conclusão: A maioria dos idosos instila colírios erroneamente, tocando a ponta do frasco em tecidos oculares, o que favorece sua contaminação. O dispositivo de apoio facial tornou mais segura e fácil a instilação.

  15. Perfil nutricional de pacientes adultos e idosos admitidos em um hospital universitário = Nutritional status of adults and elderly patients admitted in an university hospital

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Crestani, Nathálie

    2011-01-01

    Full Text Available Objetivo: Identificar o perfil nutricional de pacientes adultos e idosos admitidos em um hospital universitário. Materiais e Métodos: Trata-se de um estudo transversal, retrospectivo e descritivo. Foram utilizados para avaliação nutricional o Índice de Massa Corporal (IMC e a Avaliação Subjetiva Global (ASG, que classifica o paciente em três categorias: bem nutrido (A, moderadamente ou suspeita de ser desnutrido (B ou gravemente desnutrido (C. Os dados (ASG, IMC e condição primária foram coletados a partir de informações dos formulários de avaliação nutricional preenchidos na rotina assistencial, aplicados em até setenta e duas horas após a interação do paciente. Esse estudo foi aprovado pela Comissão Científica e pelo Comitê de Ética em Pesquisa da PUCRS. Resultados: O estudo incluiu 32 adultos e 36 idosos (n=68. Em relação à ASG, 46,9% dos adultos foram classificados na categoria A e 53,1% na categoria B. Entre os idosos, 25% foram classificados na categoria A e 75% na categoria B. O IMC apontou 37,5% dos adultos como eutróficos e 62,5% como sobrepeso e/ou obesidade; os idosos apresentaram 50% de eutrofia, 36,1% de sobrepeso e 13,9% de baixo peso. Conclusão: O perfil nutricional dos pacientes estudados foi caracterizado pela alta prevalência de risco nutricional e sobrepeso/obesidade concomitantes nos dois grupos estudados. Esta realidade parece traduzir, em nível hospitalar, a situação de transição nutricional vivida em nosso país na atualidade. Os resultados evidenciam a importância da utilização de mais de um método de triagem nutricional em pacientes internados em unidades hospitalares, para obter-se maior precisão na avaliação

  16. Tontura em idosos da comunidade: estudo de base populacional Dizziness in community-dewelling older adults: a population-based study

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Suzana Albuquerque de Moraes

    2011-12-01

    Full Text Available A queixa de tontura é comum em idosos. OBJETIVO: Identificar a prevalência de tontura e os fatores associados em uma amostra de idosos que vivem na comunidade. MATERIAL E MÉTODO: Estudo de coorte histórica prospectivo, com idosos de 65 anos ou mais. Foi utilizado um inquérito multidimensional e uma bateria de testes físico-funcionais. RESULTADOS: A prevalência de tontura foi de 45%. A tontura giratória foi relatada por 70,4% dos idosos e 43,8% disseram já ter tido crises vertiginosas em algum momento da vida. Houve associação significativa entre queixa de tontura e gênero feminino (p=0,004, relato de dificuldade de memória (p=0,015, má percepção de saúde (p=0,001, depressão (pDizziness is a common complaint among older adults. AIM: To identify the prevalence of dizziness and its related factors in a sample of community-dwelling older adults. METHODS: A prospective population-based study with a representative sample of older adults aged 65 years and over. A multidimensional questionnaire and a battery of measures were used for assessing physical function. RESULTS: The prevalence of dizziness was 45%. Vertigo was found in 70.4% of older adults with dizziness and 43.8% of them referred vertigo crises along life. A significant association was found between dizziness and female gender (p=0.004, memory difficulties complaints (p=0.015, bad health perception (p=0.001, depression (p<0.0001, five or more comorbidities (p=0.021, self-reported fatigue (p<0.0001, recurrent falls (p=0.001, excessive sleepiness (p=0.003, fear of falling (p<0.0001, left leg unipedal stance (p=0.002 and Short Performance Physical Battery score (p=0.009. CONCLUSION: Dizziness is a common complaint among older adults and it is associated with limiting clinical conditions, such as depression, fatigue, excessive sleepiness and impaired memory. It is highlighted the association between dizziness and recurrent falls, fear of falling and lower performance in physical

  17. Violência intrafamiliar contra idosos: Revisâo sistemática

    OpenAIRE

    Alanna de Medeiros Pinheiro Cachina; Ilana Lemos De Paiva; Tatiana De Lucena Torres

    2016-01-01

    Essa revisâo sistemática de literatura foi realizada em bases de periódicos nacionais, entre Junho/2015 e Fevereiro/2016, utilizando os descritores: «violência intrafamiliar e idoso» e «maus-tratos e idoso», com a finalidade de identificar as frequências dos estudos, anos de publicaçôes, principais dificuldades da rede e como o problema da violência é percebido pelos participantes dos estudos. Nesse sentido, o objetivo foi caracterizar os estudos sobre violência intrafamiliar contra idosos, i...

  18. A rede social e os tipos de apoio recebidos por idosos institucionalizados

    OpenAIRE

    Rodrigues,Adriana Guimarães; Silva,Ailton Amélio da

    2013-01-01

    Estudo descritivo que teve como objetivo identificar a composição da rede de apoio social de idosos institucionalizados, bem como os tipos e as quantidades de apoios recebidos por eles. O apoio social tem função importante no enfretamento das perdas e limitações da velhice. Participaram 30 idosos institucionalizados com média de idade de 74 anos. Foram aplicadas entrevistas e a escala de apoio social para identificar a composição da rede social e tipos de apoio social que os idosos recebiam. ...

  19. O envelhecimento populacional sob o viés do controle jurisdicional de políticas públicas para os idosos O ENVELHECIMENTO POPULACIONAL SOB O VIÉS DO CONTROLE JURISDICIONAL DE POLÍTICAS PÚBLICAS PARA OS IDOSOS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Andréia Garcia Martin

    2011-04-01

    Full Text Available

    Através do presente pretende-se analisar o envelhecimento populacional e o seu impacto nas relações de âmbito social e jurídico para com as pessoas que ultrapassaram a barreira dos sessenta anos que, por não mais deterem a capacidade de produzir riquezas, quedam-se às margens da sociedade. Demonstrando-se que aos idosos são inerentes todos e quaisquer direitos consignados a todas as pessoas. E o Estatuto do Idoso como um documento social busca conscientizar a sociedade de modo geral sobre o processo biológico do envelhecimento, bem como seus reflexos em todos os segmentos da sociedade. Necessitando essa camada da população de prestações dos Poderes de Estado que concretize seu direito fundamental social à saúde para que possam envelhecer dignamente. Robustecendo-se a atuação do Poder Judiciário, que diante da inércia dos Poderes competentes para implementar as necessárias políticas públicas de saúde para os idosos, que através do controle jurisdicional dessas políticas efetiva o direito á saúde desse segmento populacional incluído-os socialmente, e garantindo condições dignas de existência.

    Atraves do Presente Pretende- se analisar o Envelhecimento populacional EO Seu Impacto NAS RELAÇÕES de Âmbito Social e com parágrafo Jurídico o PESSOAS ultrapassaram Que uma Barreira dos Sessenta Que Anos , Por nao Mais deterem uma CAPACIDADE de Produzir Riquezas , quedam - se Às Margens Sociedade da . Demonstrando - se Que EAo Idosos de São inerentes Todos Direitos quaisquer e Consignados uma Todas As PESSOAS . E o Estatuto do Idoso Documento hum Como

  20. Desenvolvimento de um produto dietetico funcional para idosos.

    OpenAIRE

    Fabiane La Flor Ziegler

    2006-01-01

    Resumo: O principal objetivo da presente pesquisa foi desenvolver um produto dietético funcional para idosos desnutridos. Para tal, realizou-se inicialmente a caracterização físico-química e nutricional das fontes protéicas: isolado protéico do soro de leite bovino (WPI) e hidrolisado de colágeno bovino (HCB), buscando-se adequar a proporção entre elas, bem como, avaliar algumas de suas propriedades físicas, composição, perfil de aminoácidos e propriedade nutricional. Posteriormente foi reali...

  1. Massa muscular de idosos do município de São Paulo – Estudo SABE: Saúde, Bem-estar e Envelhecimento. DOI: 10.5007/1980-0037.2012v14n1p1

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luís Alberto Gobbo

    2011-12-01

    Full Text Available A análise da massa muscular (MM em idosos, seja total (MMT ou apendicular (MMA, é importante para o acompanhamento deste componente ao longo do envelhecimento, sendo que estes valores são mais associados à incapacidade funcional quando ajustados pela estatura, possibilitando, assim, a análise dos índices de massa muscular total (IMMT e apendicular (IMMA. O objetivo deste estudo foi apresentar valores normativos, expressos em médias e percentis, de MMT, MMA, IMMT e IMMA, de idosos do município de São Paulo, segundo sexo e grupos etários. A amostra foi composta por 1203 idosos de ambos os sexos, da coorte de 2006 do Estudo SABE: Saúde, Bem-estar e Envelhecimento, realizado no município de São Paulo, Brasil. As variáveis MMT e MMA foram identificadas a partir de equações preditivas, enquanto os respectivos índices, pela razão entre os valores de MM e altura, ao quadrado (em kg.m-2. Os valores médios e os desvios-padrão de MMT, de mulheres e homens, com menos de 80 e 80 anos e mais, foram, em kg, 17,7±3,6, 14,4±3,2, 26,9±3,8 e 24,1±2,9, respectivamente, enquanto os valores de MMA foram 14,4±2,1, 13,0±2,0, 21,0±2,8 e 19,4±2,3, respectivamente. Quando ajustados pela altura, os valores de IMMT foram, em kg.m-2, 7,6±1,4, 6,3±1,2, 9,8±1,1 e 8,9±0,9, e os valores de IMMA foram, 6,1±0,7, 5,7±0,7, 7,6±0,8 e 7,2±0,7, respectivamente. Todas as variáveis apresentaram alta correlação entre si (r>0,84. Homens e idosos mais jovens apresentaram maiores valores, com significância estatística, em relação aos seus pares e as diferenças entre os grupos etários são maiores entre as mulheres.

  2. Evolução a longo prazo no transplante renal de idosos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paula Ferreira Orlandi

    2015-06-01

    Full Text Available Resumo Introdução: O número de pacientes idosos portadores de doença renal crônica aumenta progressivamente, desafiando os algoritmos de alocação, em um cenário de escassez de órgãos para transplante. Objetivo: Avaliar o impacto da idade sobre os resultados do transplante renal. Métodos: Foram analisados todos os 366 pacientes > 60 anos transplantados entre 1998-2010 versus um grupo controle de 366 pacientes mais jovens pareados por gênero, tipo de doador (vivo/falecido e ano do transplante. Resultados: Diabetes mellitus (HR 1,5; IC 1,0-2,2; p = 0,031 e doador falecido (HR 1,7; IC 1,2-2,7; p = 0,013 se associaram independentemente a maior risco de óbito. Diabetes mellitus (HR 1,8; IC 1,2-2,6; p = 0,003 e priorização por acesso vascular (HR 2,9; IC 1,2-2,6; p < 0,001, mas não idade, foram fatores independentes de perda do enxerto renal. Conclusão: A idade avançada não teve impacto negativo no resultado do transplante quando excluído óbito do paciente como causa de perda do enxerto. A maior mortalidade entre a população senil esteve associada à maior frequência de comorbidades, em especial diabetes mellitus.

  3. Cuidados Paliativos: o necessário para o idoso com acidente vascular encefálico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sônia Maria Dorta Ferreira

    2014-03-01

    Full Text Available A expectativa de vida do ser humano tem aumentado nas últimas décadas, o que vem exigindo o avanço da qualidade dos cuidados destinados a pessoas com fragilidades, especialmente em decorrência do crescimento considerável das doenças crônicas. Dentre essas doenças, destaca-se o acidente vascular encefálico (AVE que acomete grande parte da população idosa, ocasionando perdas e sequelas significativas. Formas inovadoras quanto à essência do cuidar devem ser estudadas e praticadas em nossa sociedade, reconhecendo-se como exemplar nesse sentido a intervenção em cuidados paliativos, que pode melhorar a qualidade de vida e confortar uma pessoa nos seus últimos dias. Nessa direção, objetiva este trabalho enfatizar a necessidade e o valor dos cuidados paliativos para a pessoa idosa com AVE e, para tal, foi realizado um levantamento da pesquisa científica sobre a temática nas principais revistas indexadas. Os resultados indicaram um número limitado de produção científica a esse respeito, assim como se verifica a escassez de serviços que assistam os idosos no final da vida, evidenciando ainda o desconhecimento dos serviços de cuidados paliativos à maior parte dos doentes e suas famílias. Os dados mostram que são múltiplos os sintomas físicos e psicológicos que comprometem a qualidade de vida dessas pessoas em terminalidade, e que a comunicação é essencial nas relações entre paciente, cuidador, família e equipe de saúde. No caso de idosos com AVE, a presença dos Cuidados Paliativos torna-se ainda mais relevante na relação desses pacientes com familiares e outros profissionais. Trabalhos futuros envolvendo os variados aspectos dos Cuidados Paliativos são necessários, para que se possa assegurar um atendimento mais competente e efetivo a essa população.

  4. A Viagem e a Memória do Idoso: um estudo na região da Serra Gaucha

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana de Paris Possamai

    2010-07-01

    Full Text Available Resumo O artigo descreve os resultados da pesquisa com idosos, instigados a relatar experiências de viagens e lazer na sua juventude, utilizando-se como metodologia a história oral. A investigação foi realizada na Serra Gaúcha, extremo sul do Brasil, hoje uma das mais pujantes regiões de turismo do país que, na primeira metade do século XX – período rememorado pelos entrevistados – ainda apresentava precariedades na sua infra-estrutura de transportes. A partir de reflexões teóricas sobre a questão da memória analisam-se, especificamente, os relatos dos idosos em termos de viagens por eles realizadas na sua juventude. Os entrevistados, na sua totalidade ítalo-descendente de origem rural, diferenciam nos seus relatos as viagens ocorridas na infância, daquelas realizadas na juventude e na idade adulta. Os participantes do estudo avaliaram o momento presente como o mais qualificado e diferenciado dos anteriores, em termos de desfrute do lazer e das viagens que realizam. As respostas também encaminham uma série de dados que contribuem para a construção da história das viagens e do turismo no Brasil. Palavras-Chave: turismo; memória; história das viagens; Serra Gaucha/RS/Brasil Abstract The article describes what senior citizens reported as experiences of travel and leisure in their youth. The methodology used was oral history. The research was conducted in southern Brazil, currently one of the most vigorous areas of tourism in the country. But, in the first half of the twentieth century - the period remembered by the people interviewed –the region had a precarious transport structure. The theoretical reflections on memory analyze the elderly’s histories in terms of the trips they made in their youth. The interviewees, Italian descendants with rural backgrounds, report that traveling occurred in their childhood, youth and adulthood. The participants evaluated the present moment as the most qualified and

  5. Frequência de sintomas no último ano de vida de idosos de baixa renda em São Paulo: estudo transversal com cuidadores informais Frequency of symptoms in the last year of life of underprivileged elders in São Paulo: a cross-sectional study with informal caregivers

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João Paulo Consentino Solano

    2011-03-01

    Full Text Available O crescimento da população idosa brasileira fez aumentar a prevalência de doenças crônicas e o número de pessoas sofrendo de diversos sintomas ao final da vida. Este estudo objetivou entrevistar cuidadores de idosos falecidos, investigando a presença, intensidade e duração de sintomas no último ano, e se os mesmos foram tratados. Arrolaram-se idosos por inquérito domiciliar de base populacional em setores de baixa renda do Butantã, São Paulo. Eram elegíveis os idosos falecidos durante o período de dois anos de seguimento. Oitenta e um cuidadores foram entrevistados entre três e 16 meses pós-óbito e responderam um questionário sobre onze sintomas. Os sintomas mais referidos foram dor (78%, fadiga (68%, dispnéia (60%, depressão e anorexia (58% cada. Dor, dispnéia e fadiga foram os mais intensos. Dor, fadiga e depressão duraram 6 meses ou mais. Ficaram sem tratamento 79% dos idosos com depressão, 77% daqueles com incontinência urinária e 67% daqueles com ansiedade. É necessário implementar conceitos e ações de cuidados paliativos para dar aos idosos mais dignidade e qualidade ao final da vida.The Brazilian population of elders is growing, resulting in high prevalences of chronic diseases and people facing distressing symptoms in their last years. This study aimed at interviewing family caregivers of deceased elders to investigate the presence, severity and duration of common symptoms in the last year, as well as whether the symptoms were managed or not. Elders were enrolled in a population-based study in deprived areas of Butantã, São Paulo. After a two-year follow-up, any death was eligible for the study. Eighty-one caregivers were interviewed between three and sixteen months after elder's death and answered a questionnaire on eleven symptoms. The most commonly reported symptoms were pain (78%, fatigue (68%, dyspnea (60%, depression, and anorexia (58% each. Pain, dyspnea and fatigue were the most severe. Pain

  6. Demência como fator de risco para fraturas graves em idosos Dementia as risk factor for severe bone fractures among the elderly

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aline de Mesquita Carvalho

    2002-08-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: As quedas entre pessoas idosas constituem importante problema de saúde pública devido à sua alta incidência, às complicações para a saúde e aos altos custos assistenciais. O estudo realizado visa a estimar a associação entre demência e ocorrência de quedas e fraturas entre idosos. MÉTODOS: Foi conduzido estudo caso-controle de 404 indivíduos com 60 ou mais anos de idade, da cidade do Rio de Janeiro, Brasil. Casos e controles foram pareados por idade, sexo e hospital. Os dados foram coletados por meio de entrevista estruturada com os idosos. Foram considerados portadores de quadro demencial idosos cuja pontuação no questionário BOAS fosse superior a dois. Foram obtidos odds ratios (OR ajustados por fatores potenciais de confusão, utilizando-se regressão logística condicional. RESULTADOS: As quedas distribuíram-se igualmente entre os períodos da manhã, tarde e noite, havendo uma redução em sua freqüência durante a madrugada. Acidentaram-se dentro de casa 78% dos idosos com demência, contra 55% daqueles sem essa doença. O OR não-ajustado para a associação entre demência e fratura grave foi de 2,0 (IC95%, 1,23-3,25. Após o ajuste por fatores de confusão, houve uma pequena redução dessa associação (OR=1,82, 1,03-3,23. CONCLUSÃO: Idosos com quadro demencial apresentam maior risco de caírem e ser hospitalizados por fratura do que idosos sem demência. Tal fato implica a necessidade de cuidados especiais com esses indivíduos, visando a minimizar o risco desses acidentes.INTRODUCTION: Falls among elderly represent an important public health concern due to its high incidence, health implications, and medical care costs. The study aims to assess the association between dementia and bone fracture risk after falls among the elderly. METHODS: A case-control of 404 subjects aged 60 years old or more living in Rio de Janeiro, Brazil, was carried out. Cases and controls were matched by age, sex, and

  7. Conhecimento de idosos sobre seus direitos Conocimiento de los ancianos sobre sus derechos Knowledge of the elderly about their rights

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maristela Santini Martins

    2010-01-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Identificar o conhecimento de idosos sobre seus direitos e se consideram que esses direitos são respeitados. MÉTODOS: Pesquisa exploratória, descritiva, de abordagem quantitativa e com coleta de dados prospectiva, através de entrevista. A amostra, composta por 63 idosos, foi probabilística, aleatória e estratificada por sexo e idade. RESULTADOS: Os direitos dos idosos eram conhecidos por 49,2% dos entrevistados. Dentre estes, os mais citados foram a gratuidade no transporte (50,0%, a prioridade no atendimento (38,1% e existência de assentos preferenciais nos meios de transporte (28,6%. Quanto ao respeito a esses direitos, 25,0% acreditavam que são respeitados e 44,4% que são respeitados parcialmente. CONCLUSÃO: A metade dos idosos entrevistados conhecia seus direitos e referiram que esses nem sempre são respeitados.OBJETIVOS: Identificar el conocimiento de los ancianos sobre sus derechos y evaluar si consideran que esos derechos son respetados. MÉTODOS: Se trata de una investigación exploratoria y descriptiva, con abordaje cuantitativo y recolección de datos prospectiva a través de entrevistas. La muestra, compuesta por 63 ancianos, fue probabilística, aleatoria y estratificada por género y edad. RESULTADOS: Los derechos de los ancianos fueron conocidos por 49,2% de los entrevistados. Entre los derechos, los más citados fueron la gratuidad en el transporte (50,0%, la prioridad en la atención (38,1% y la existencia de asientos preferenciales en los medios de transporte (28,6%. En cuanto al respeto a esos derechos, 25,0% creía que eran respetados y 44,4% que eran respetados parcialmente. CONCLUSIÓN: La mitad de los ancianos entrevistados conocían sus derechos y refirieron que estos no siempre fueron respetados.OBJECTIVES: To identify the knowledge of elderly people about their rights, and to assess whether they consider that these rights ware respected. METHODS: Exploratory and descriptive study with quantitative

  8. Desempenho da marcha de idosos praticantes de psicomotricidade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sarah Lins dos Santos

    2014-07-01

    Full Text Available Estudo quase experimental realizado com quinze idosos, desenvolvido na Clínica Escola de Fisioterapia da Universidade Federal da Paraíba, em 2011. Objetivou-se avaliar o desempenho da marcha de idosos praticantes de atividades psicomotoras. Foi realizada uma entrevista estruturada centrada em dados sociais, clínicos e funcionais, com o intuito de poder correlacionar diversas informações que sustentassem o objetivo do estudo. A média no desempenho cognitivo foi de 19,4, na primeira avaliação e de 23,2, na segunda. A média no desempenho de atividades relacionadas à marcha foi de 11,6, na primeira avaliação, e de 15,5, na segunda, logo após a prática de atividades psicomotoras. Constatou-se uma melhora significativa no desempenho das atividades relacionadas à marcha, com irregularidades que persistiram na altura e na continuidade do passo, bem como no desvio da linha média.

  9. Risco de queda em idosos institucionalizados com doença de Alzheimer

    OpenAIRE

    Ferreira, Lucas Lima; Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (UNESP) campus de Presidente Prudente (SP).; Sanches, Giliadi Gadiel Américo; Centro Universitário de São José do Rio Preto (UNIRP).; Marcondes, Laís Passos; Centro Universitário de São José do Rio Preto (UNIRP).; Saad, Paulo César Balade; Centro Universitário de São José do Rio Preto (UNIRP).

    2014-01-01

    Introdução: Idosos com doença de Alzheimer (DA) apresentam diferenças no equilíbrio e marcha, de acordo com o estágio da patologia, que pode predispô-los a quedas. Objetivo: Avaliar o impacto da DA no risco de queda em idosos residentes em uma instituição de longa permanência. Métodos: Foram avaliados 20 idosos de ambos os sexos, sendo traçado o perfil sociodemográfico e avaliada a marcha e equilíbrio, por meio da escala de Tinetti. Resultados: Verificou-se que a maioria dos idosos (75%) era ...

  10. INFLUÊNCIA DO TIRO COM ZARABATANA NA CAPACIDADE RESPIRATÓRIA DO IDOSO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Catarina Leitão

    2015-05-01

    Full Text Available A  respiração é um processo vital e faz parte das funções primordiais do corpo humano. A falta de consciência respiratória é responsável por diversos problemas o que leva a que com o passar do tempo, a respiração, possa provocar não só deformidades no tórax como também modificações posturais, incapacidade funcional e diversas patologias (Tribastone, 2001.O sistema respiratório é o sistema do organismo que envelhece mais rápido devido à exposição aos poluentes ambientais ao longo da vida. A nível clínico ocorrem mudanças relevantes que se traduzem na deterioração da função pulmonar. Calculando-se que em Portugal, as doenças respiratórias a curto prazo sejam a terceira causa de morte e afetem maioritariamente as pessoas idosas (Ruivo et al., 2009. No processo respiratório são essenciais dois tempos, a inspiração e expiração, que resultam de movimentos respiratórios nos quais o diafragma e os pulmões exercem funções fundamentais (Parreiral, 2005. Acreditamos que o tiro com zarabatana, que trabalha a expiração- através da expulsão enérgica de dardos e a inspiração- aquando do início do treino, poderá ser benéfico para a capacidade respiratória dos idosos. Objetivo: O presente estudo visa avaliar os efeitos da prática de Tiro com Zarabatana, na capacidade respiratória de pessoas idosas, mais precisamente as alterações ao nível do débito expiratório máximo.

  11. Análise cinemática comparativa da fase de apoio da corrida em adultos e idosos Comparative kinematic analysis during the stance phase of running in adults and elderly

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Reginaldo Kisho Fukuchi

    2008-01-01

    Full Text Available A preocupação com a qualidade de vida tem levado ao aumento do interesse por atividades físicas pelos idosos. A corrida de rua é uma das atividades que obteve maior número de adeptos dessa faixa etária. Os movimentos excessivos da região do tornozelo têm sido associados às lesões musculoesqueléticas em corredores. Os achados da literatura sugerem que idosos são mais susceptíveis às lesões relacionadas à corrida do que adultos. Contudo, ainda é desconhecido se as alterações teciduais trazidas pelo envelhecimento realmente contribuem para esses resultados. O objetivo do presente estudo foi comparar a cinemática da fase de apoio da corrida em adultos e idosos. Foram analisados 17 adultos (31±5 anos e 17 idosos (69±2 anos recrutados voluntariamente. Os sujeitos correram em uma esteira ergométrica a 11 km/h, enquanto eram filmados por quatro câmeras de vídeo com freqüência de 120 Hz. Os ângulos do retropé e do joelho durante a fase de apoio da corrida foram mensurados. Os idosos apresentaram menor excursão de movimentos de flexão do joelho e de rotação medial da tíbia. Aparentemente os idosos apresentaram maior assincronia entre os movimentos do retropé e do joelho em relação aos adultos. Esses resultados sugerem que os idosos adotam padrões de movimentos diferentes dos adultos durante a fase de apoio da corrida. A prescrição de exercícios e as estratégias de prevenção de lesões em idosos corredores devem considerar essas diferenças.In elderly people, concern with quality of life has led to increased interest on physical activities, among which running or jogging in the streets is the favourite. In runners, excessive ankle movements have been linked to musculoskeletal injuries. Literature has suggested elderly runners are more susceptible to running-related injuries than adults, but it is still unknown whether aging-related tissue degeneration might be associated to this. This study aimed at comparing the

  12. Accuracy of Timed Up and Go Test for screening risk of falls among community-dwelling elderly Acurácia do Timed Up and Go Test para rastrear risco de quedas em idosos da comunidade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tiago S. Alexandre

    2012-10-01

    instrumentais de vida diária (AIVD pela Older American Resources and Services e dados sociodemográficos e clínicos por questionário complementar. Para analisar a sensibilidade e a especificidade do TUGT, utilizou-se a Receiver Operating Characteristic Curves (ROC. RESULTADOS: Os idosos que caíram tinham maior dificuldade na execução de ABVD e AIVD (p<0,01 e desempenho mais lento no TUGT (p=0,02. Quanto às características sociodemográficas e clínicas, não houve diferença entre idosos que caíram e os que não caíram. Considerando as diferentes sensibilidades, especificidades e razões de verossimilhança, o melhor valor preditivo para discriminar idosos que caíram foi 12,47 segundos [(RR=3,2 IC95%: 1,3-7,7]. CONCLUSÃO: O TUGT é acurado para rastrear risco de quedas em idosos. O cut-off de 12,47 segundos, embora diferente da literatura internacional, parece ser um melhor valor preditivo para idosos brasileiros.

  13. Maus-tratos contra idosos no município de Camaragibe, Pernambuco Elder abuse in Camaragibe, Pernambuco

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Victor Lopes de Melo

    2006-05-01

    Full Text Available OBJETIVOS: descrever a situação de maus-tratos contra idosos no município de Camaragibe, na região metropolitana do Recife, Pernambuco. MÉTODOS: estudo descritivo de corte transversal com uma amostra representativa da população idosa do município, e submetida a questionário previamente elaborado conforme os objetivos do estudo. RESULTADOS: dos 315 idosos, 95,4% estavam na sexta e sétima década de vida, 65,2% eram mulheres e recebiam até dois salários mínimos (91,4%, 87,5% tinham casas próprias, com deficiente esgotamento sanitário (84,1% e baixo grau de escolaridade (97,1%. Sessenta e seis referiram sofrer maus-tratos. Desses, 65,2% eram do sexo feminino. O tipo de violência mais comum foi a psicológica (62,1%, seguida da física (31,8%, cometidas pelos próprios familiares dentro do próprio domicílio. As mulheres foram mais agredidas que os homens. 71,3% reagiram passivamente não sabendo a que órgão denunciar. No seu entendimento a comunidade era indiferente ao problema. CONCLUSÕES: os maus-tratos contra idosos apresentam-se como problema relevante para a saúde pública. Medidas educativas poderiam ser implementadas para esclarecê-los sobre direitos, facilitar a denúncia e a obtenção de apoio ou ajuda.OBJECTIVES: to describe the situation of abuse against the elderly in the municipality of Camaragibe, in the metropolitan region of Recife, Pernambuco. METHODS: cross sectional study with a representative sample of the elderly population in the municipality, subject to abuse and respondents to a previously designed questionnaire according to the objectives of the study. RESULTS: of the 315 elderly, 95.4% were in the sixth and seventh decade of life and 65.2% were women and received up to two minimum wages (91.4%, were house owners (87.5%, living in neighborhoods with deficient sewage systems (84.1% and low education level (97.1%. Seventy six claimed they were abused. Among these 65.2% were females. The most common type

  14. Modelos de serviços hospitalares para casos agudos em idosos Hospital services for acute care of elderly people

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João Macedo Coelho Filho

    2000-12-01

    Full Text Available Embora a atenção ao idoso seja uma prioridade emergente no Brasil, pouca ênfase tem sido dada a modelos de organização de serviços hospitalares para pacientes geriátricos. São revisados modelos de serviços hospitalares para admissão e manuseio de casos agudos em idosos, com ênfase na discussão sobre o papel e o posicionamento da medicina geriátrica (incluindo sua interface com especialidades e com a clínica médica no âmbito da atenção hospitalar. Foi realizada pesquisa na base de dados Medline (1989-1999, bem como nos principais livros-texto de geriatria e de gerontologia, buscando identificar descrições de serviços hospitalares para cuidado agudo de pacientes idosos. As características dos modelos identificados foram compiladas e descritas à luz de sua adequação à realidade dos serviços de saúde no Brasil. Exemplos de intervenções em geriatria, com efetividade demonstrada através de revisões sistemáticas, foram também citadas. Os modelos mais freqüentemente relatados foram cuidado prolongado, tradicional, baseado na idade cronológica, não especializado e integrado. Adaptações e variantes de alguns desses modelos foram freqüentemente relatadas, assim como seu impacto potencial na efetividade do cuidado geriátrico. Evidências sobre o melhor modelo a seguir não foram identificadas, mas aqueles modelos favorecendo a integração da geriatria com a clínica geral pareceram mais adequados à nossa realidade. Ressalta a necessidade de reestruturação de serviços de saúde para responder às novas demandas que surgem com o envelhecimento da população, bem como do delineamento de serviços hospitalares para casos agudos, importantes para a efetividade do cuidado geriátrico e que devem ser objeto de maior debate e pesquisa no Brasil.Although the implementation of geriatric services is an emerging priority in Brazil, little emphasis has been put on the type of acute care that should be provided for elderly

  15. Fotossíntese e acúmulo de solutos em feijoeiro caupi submetido à salinidade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rogéria Pereira Souza

    2011-06-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi determinar as respostas fotossintéticas e a acumulação de carboidratos, íons salinos e prolina em feijoeiro caupi (Vigna unguiculata submetido à salinidade. As plantas foram submetidas à quatro tratamentos, dos 28 aos 35 dias de idade: 0, 50, 100 e 200 mmol L-1 de NaCl. Avaliaramse as trocas gasosas, a emissão de fluorescência pela clorofila a, o potencial hídrico foliar, e as concentrações de carboidratos, Na+, Cl- e prolina nas folhas. Os tratamentos não tiveram efeito sobre a eficiência quântica potencial do fotossistema II, mas causaram leve diminuição na eficiência quântica efetiva e maior dissipação do excesso de energia de excitação por processos não fotoquímicos. As concentrações foliares de amido diminuíram, e as de sacarose e prolina aumentaram nas maiores concentrações de NaCl. Ocorreu exclusão do Na+ e acúmulo do Cl- nas folhas, e as relações hídricas das folhas foram pouco afetadas, exceto no tratamento mais severo. O acúmulo de Cl- esteve envolvido na redução da assimilação de CO2, decorrente da queda na condutância estomática e na eficiência de carboxilação da Rubisco. O feijoeiro caupi apresenta características fisiológicas que favorecem a manutenção da atividade fotossintética sob curta exposição à salinidade.

  16. Diagnósticos de enfermagem de idosos que utilizam múltiplos medicamentos Diagnósticos de enfermería de ancianos polimedicados Nursing diagnoses of elderly patients using multiple drugs

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria José Sanches Marin

    2010-03-01

    Full Text Available Considerando que os idosos que utilizam múltiplos medicamentos são propensos à maior vulnerabilidade nas condições de saúde, propomo-nos, neste estudo: identificar os diagnósticos de enfermagem, segundo a taxonomia II de NANDA, de um grupo de idosos que utilizam cinco ou mais medicamentos. Foram selecionados 67 idosos, a partir da Avaliação Geriátrica Ampla (AGA entre 301 residentes na área de abrangência de um Programa de Saúde da Família (PSF. Os 67 idosos apresentaram 16 categorias diagnósticas, em média 5,2 diagnósticos/idoso, sendo os mais frequentes a dor crônica, presente em 59,7% dos idosos; 58,2% têm a mobilidade física prejudicada; 47,7%, nutrição desequilibrada (mais que as necessidades corporais, e 47,7% têm um controle ineficaz do regime terapêutico. Tais diagnósticos revelam a necessidade de medidas envolvendo mudanças no estilo de vida, além do acompanhamento sistemático dessas pessoas.Considerando que los ancianos que utilizan múltiples medicamentos son propensos a una mayor vulnerabilidad en sus condiciones de salud, nos proponemos en este estudio identificar los diagnósticos de enfermería según la taxonomía II de NANDA, de un grupo de ancianos que utilizan cinco o más medicamentos. Fueron seleccionados 67 ancianos, a partir de la Avaliação Geriátrica Ampla (AGA, entre 301 residentes en el área comprendida por un Programa de Salud Familiar (PSF. Los 67 ancianos presentaron 16 categorías diagnósticas, con una media de 5,2 diagnósticos/anciano, siendo los más frecuentes el dolor crónico (afectando a un 59,7%, la movilidad física reducida (58,2%, nutrición desequilibrada -por encima de las necesidades corporales- (47,7% y control ineficaz del régimen terapéutico (47,7%. Tales diagnósticos determinan la necesidad de medidas que implican cambios sustanciales en el estilo de vida, además del seguimiento médico sistemático de dichas personas.Considering that elderly people using

  17. Comparação entre idosos que sofreram quedas segundo desempenho físico e número de ocorrências Physical performance and number of falls in older adult fallers

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Grace A. O. Gomes

    2009-10-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Analisar, entre idosos com ocorrência de quedas, a relação entre as variáveis sociodemográficas, clínicas, físicas e funcionais segundo as variáveis critério desempenho físico e número de quedas. MÉTODOS: Estudo transversal com 72 idosos (76,3±8,3 anos que sofreram quedas no último ano, sendo 65,3% mulheres, atendidos no ambulatório de geriatria de um hospital universitário de Campinas, SP. Os idosos foram divididos em grupo com pior (PDF e grupo com melhor desempenho físico (MDF, e em grupo com uma queda (1Q e grupo com duas quedas ou mais (2Q. As características sociodemográficas, clínicas, físicas e funcionais foram as variáveis independentes do estudo. Foi realizada análise de comparação entre os grupos. RESULTADOS: Os idosos do grupo PDF tiveram maior faixa etária, maior número de doenças e menor independência na maior parte das tarefas da dimensão motora em relação ao grupo MDF. Os idosos do grupo 2Q apresentaram maior número de doenças, menor força de preensão manual e menor independência na tarefa "controle das fezes" na dimensão motora da medida de independência funcional (MIF em relação ao grupo 1Q. CONCLUSÕES: Entre idosos que já caíram, piores níveis de desempenho físico relacionam-se com maior faixa etária, mais doenças e menos independência funcional. Além disso, ter sofrido quedas recorrentes relaciona-se com mais doenças, menos força muscular e menos independência funcional na tarefa de controle de fezes.OBJECTIVES: The aim of this study was to determine the relationship between sociodemographic, clinical, physical and functional data according to physical performance and number of falls among older fallers. METHODS: Cross-sectional study carried out among 72 older adults (76.3 ±8.3 years with a history of falls in the past year, 65.3% of which were women. The participants received care at the geriatric outpatient clinic of a university hospital in Campinas, SP

  18. Ativação de modelos mentais no recontar de histórias por idosos Mental model activation in the recall of stories by older adults

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Alice de Mattos Pimenta Parente

    1999-01-01

    Full Text Available Recontar histórias é uma atividade complexa que envolve recursos da memória de curta duração (MCD e da memória episódica (ME. Estratégias direcionadas a objetivos e intenções particulares diminuem a sobrecarga da MCD e ativam a ME. Com o objetivo de estudar a influência do envelhecimento nestes mecanismos, estudamos o relato de uma história por dois grupos de adultos: 17 com 30 a 55 anos e 14 com mais de 60 anos. Os adultos mais jovens lembraram mais proposições do que os idosos, mas ambos grupos relembraram melhor as macroestruturas do que as microestruturas e não foi encontrada diferença no número de inferências, interferências e reconstruções. Entretanto, uma análise de ênfases dados à história, mostrou que jovens preferem relatar a seqüência de ações e idosos, encadeam os fatos de forma subjetiva, sugerindo que, devido à uma redução da memória de trabalho, utilizam-se mais das estratégias que recorrem às informações armazenadas na memória episódica, deixando transparecer suas representações mentais.Text comprehension is a complex activity that requires resources from short term memory (STM and from episodic memory (EM. Strategies directed to goals and intentions avoid an overload of the STM and activates the EM. To study the influence of aging on those mechanisms, we analyzed the recall of a story by two different groups of adults: 17 subjects, 30 to 50 years old, and 14 with more than 60 years of age. The younger group remembered more propositions than the elders, but both groups recalled better the macro than the microstructure. No differences regarding number of inference, interference, and reconstruction were found. Nevertheless, residual analysis showed that younger adults organized their recall telling the actions of the original story, whereas the older adults chose a subjective organization of the main facts, suggesting that due to a reduction of the working memory, the elderly elaborated

  19. AVALIAÇÃO DE SAÚDE E DA DOR NO PÓS-OPERATÓRIO DE IDOSOS SUBMETIDOS À CIRURGIA CARDÍACA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Thaiza Teixeira Xavier

    2011-01-01

    Full Text Available El presente estudio tiene como objetivo evaluar la salud y el dolor en pacientes ancianos con insuficiencia coronaria sometidos a cirugía cardíaca. Esta es una investigación de carácter analítico, transversal, con enfoque cuantitativo. La recolección de los datos se hizo por medio de una ficha de evaluación fisioterapéutica usando también la escala numérica de dolor, con 70 pacientes ancianos sometidos a cirugía cardíaca en dos hospitales en la ciudad de Natal/RN, Brasil. El rango de edad más frecuente fue de 60 a 69 años (61,43%, mayoría hombres (62,86%. En relación con el estado de salud el 61,43% de los sujetos tenían enfermedades preexistentes, siendo la de mayor distribución la hipertensión arterial (31.40%. El comportamiento del dolor fue moderado en el 1º y 3º días, y leve en el 2º y 4º días después de la operación. Por lo tanto, se constató que la mayoría de los pacientes ancianos sometidos a cirugía cardíaca eran del sexo masculino, que tenían patologías preexistentes, con la hipertensión arterial como la patología mas frecuente y con predominio de la intensidad del dolor moderado

  20. Qualidade de fruto e produtividade de pessegueiros submetidos a diferentes épocas de poda

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Michél Aldrighi Gonçalves

    2014-01-01

    Full Text Available Com o presente trabalho objetivou-se avaliar as características produtivas de diferentes genótipos de pessegueiro (Prunus persica (L. Batsch., submetidos a podas em épocas distintas na região de Pelotas-RS. O experimento foi conduzido em uma área experimental pertencente à Embrapa Clima Temperado (CPACT, durante os anos de 2009 e 2010. Os tratamentos foram compostos de combinações de três épocas de poda [poda de inverno (PI, poda de inverno mais poda de verão (PIV e poda de verão (PV] e três genótipos [Cascata 805, Cascata 834 (BRS Kampai e Cascata 952 (BRS Rubimel], resultando em nove tratamentos distintos. Para as variáveis firmeza de frutos, pH, sólidos solúveis (SS, acidez titulável (AT, relação SS/AT e cor, não foi verificada interação entre os fatores estudados. Os frutos de BRS Kampai apresentaram maior firmeza, assim como a poda apenas no período de verão. O genótipo BRS Kampai apresentou frutos com maior SS e AT dentre os estudados e as plantas de BRS Kampai e BRS Rubimel apresentaram frutos com coloração vermelha mais intensa de epiderme, independentemente da época de poda. Verificou-se que a poda apenas no período de verão induziu à produção de frutos menores. Os genótipos BRS Kampai e BRS Rubimel apresentaram produtividades semelhantes, independente do sistema de poda aplicado. Em geral, as características físico-químicas dos frutos não são alteradas com as variações de época de poda estudadas. No entanto, as variáveis de qualidade física e as relacionadas com a produção sofrem influência direta da época de poda.

  1. Indicações e perfil epidemiológico dos pacientes submetidos à ceratoplastia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Augusto Adam Netto

    2014-06-01

    Full Text Available Objetivo: Avaliar o perfil epidemiológico dos pacientes submetidos à ceratoplastia no estado de Santa Catarina e as principais indicações para este procedimento. Métodos: Foi realizado estudo observacional, descritivo e retrospectivo com dados de 1161 pacientes transplantados entre janeiro de 2008 e dezembro de 2010, de acordo com os prontuários obtidos na Central de Notificação, Captação e Distribuição de Órgãos e Tecidos de Santa Catarina. As variáveis registradas foram: idade, sexo, procedência, data do transplante, indicação e olho operado. Resultados: A média de idade foi de 45,51 anos e o sexo masculino foi mais prevalente (54,05%. O ceratocone foi a doença mais frequente (36,09%, seguido por falência do enxerto (15,89%, leucoma (11,92%, ceratopatia bolhosa (11,06%, distrofias (7,77%, úlcera (5,36%, perfuração corneana (5,27%, descemetocele (4,66%, ceratite herpética (1,12% e ectasia corneana (0,86%. A região do estado com maior número de casos foi a Grande Florianópolis (23,75%, sendo o ceratocone a principal indicação (30,91%. Leucoma e perfuração foram as principais indicações em pacientes com idade inferior a 10 anos, ceratocone nos pacientes entre 11 e 50 anos, falência do enxerto entre 51 e 60 anos e ceratopatia bolhosa nos pacientes acima de 61 anos. Conclusão: O ceratocone é a principal indicação para ceratoplastia no estado de Santa Catarina, com a média de idade de 31 anos. A maioria dos pacientes é do sexo masculino e proveniente da Grande Florianópolis.

  2. Fatores associados à sintomatologia depressiva numa coorte urbana de idosos Depressive symptomatology and its associated factors in an urban cohort of elderly

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Márcio Tomita da Rocha Lima

    2009-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar a associação, em uma coorte urbana de idosos, entre sintomatologia depressiva e outros indicadores de capacidade funcional com a mortalidade após 15 anos de seguimento. MÉTODOS: Foram estudados os casos de 1.667 idosos (> 65 anos residentes em Vila Clementino, na cidade de São Paulo, por meio de uma avaliação multidimensional da capacidade funcional e dos atestados de óbito referentes a mortes ocorridas entre 1991 (início do estudo e abril de 2006. Na análise univariada foram calculadas as razões de chances e sua significância estatística foi avaliada pelo intervalo de confiança (95%. Na análise múltipla foi empregada a regressão logística. RESULTADOS: Entre os idosos estudados, 21,1% eram deprimidos em 1991. Na análise univariada, as maiores proporções de deprimidos foram observadas entre indivíduos do sexo feminino, com mais de 80 anos, analfabetos, viúvos ou solteiros, com alto nível de dependência física e de déficit cognitivo, usuários de mais medicamentos e entre os que morreram no período de seguimento de 15 anos. Na análise múltipla, controlando-se por sexo e idade, a presença de dependência física e o fato de ser usuário de mais medicamentos foram os principais preditores da ocorrência de depressão. CONCLUSÕES: A ocorrência de sintomatologia depressiva parece estar diretamente relacionada aos níveis de incapacidade física observados entre os idosos.INTRODUCTION: The process of population aging in Brazil has been fast and intense, increasing the prevalence of chronic diseases and psychological and mental problems, mainly depression, which is associated with functional losses of the aged one. OBJECTIVE: To analyse the association between depressive symptomatology and other indicators of functional capacity, and with mortality after 15 years of follow-up, in an urban cohort of elderly. METHODS: 1667 aged (> 65 years-old residents in Clementino Village in São Paulo city were

  3. Prevalência de quedas em idosos asilados do município de Rio Grande, RS Prevalence of falls in institutionalized elderly in Rio Grande, Southern Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lílian Gatto Gonçalves

    2008-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: O aumento da expectativa de vida nos países em desenvolvimento tem provocado preocupação com a qualidade de vida e o bem-estar dos idosos, principalmente a ocorrência de quedas. Nesse sentido, o objetivo do estudo foi descrever a prevalência de quedas em idosos que vivem em asilos e fatores associados. MÉTODOS: Estudo de delineamento transversal na cidade de Rio Grande (RS, em 2007. Participaram 180 indivíduos idosos (65 anos ou mais residentes em asilos para acolhimento. Em entrevista, os idosos responderam a questões de instrumento pré-testado sobre a ocorrência de quedas. Além de análise bivariada (Wald, foi realizada análise por regressão de Poisson com cálculo de razões de prevalência e intervalos de confiança de 95%, ajustada para as variáveis de confusão. RESULTADOS: A prevalência de quedas entre os idosos asilados estudados foi de 38,3%. As quedas foram mais comuns no ambiente do asilo (62,3%, sendo o quarto o ambiente onde ocorreu o maior número de quedas (23%. Na análise ajustada, as quedas se mantiveram associadas com cor da pele branca, com os idosos separados e divorciados, com depressão, e maior quantidade referida de medicamentos para uso contínuo. CONCLUSÕES: O estudo mostra que a prevalência de quedas entre idosos asilados é alta. Embora alguns dos possíveis fatores associados sejam passíveis de prevenção, ainda ocorrem quedas em locais que deveriam ser considerados seguros, como o quarto do idoso.OBJETIVO: El aumento de la expectativa de vida en los países en desarrollo ha provocado preocupación con la calidad de vida y el bienestar de los ancianos, principalmente la ocurrencia de caídas. En ese sentido, el objetivo del estudio fue describir la prevalencia de caídas en ancianos que viven en asilos y factores asociados. MÉTODOS: Se realizó estudio de delineamiento transversal en la ciudad de Rio Grande (Sur de Brasil, en 2007. Participaron 180 individuos ancianos (65 años o mas

  4. Evolução inicial dos estudos da inteligência do idoso: mitos e fatos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Reinier Johannes Antonius Rozestraten

    2002-01-01

    Full Text Available Apresentamos nesse artigo o início e o primeiro desenvolvimento dos estudos sobre a inteligência do idoso dentro do quadro das fases da psicogênese do comportamento : tomada de informação, processamento de informação, tomada de decisão, comportamento-resposta e feedback. Através dessa evolução que teve seu início no fim da I Guerra Mundial vêem-se surgir três mitos que aos poucos foram refutados: a o mito que a inteligência é uma capacidade única em vez de um conjunto de diversas capacidades que se combinam de múltiplas formas; b o mito que a inteligência como totalidade única se deteriora durante a velhice, enquanto se verificou posteriormente que apenas algumas capacidades agrupadas como inteligência fluida são afetadas enquanto outras caracterizadas como inteligência cristalizada ficam constantes ou até melhoram; e c a idade avançada é o único fator que influencia o desenvolvimento ou deterioração das capacidades intelectuais. Em relação ao último mito Lehr afirma que há pelo menos mais nove fatores influentes: declínio de fator G, rapidez, aptidão inata, nível educacional, treinamento, ambiente estimulante, saúde, sucesso na vida e motivação.

  5. Differences in self-rated health among older adults according to socioeconomic circumstances: the Bambuí Health and Aging Study Diferenças na estrutura da auto-avaliação da saúde em idosos com diferente situação sócio-econômica: Projeto Bambuí

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Fernanda Lima-Costa

    2005-06-01

    Full Text Available Self-rated health is influenced by socioeconomic circumstances, but related differences in its structure have received little attention. The objective of this study was to examine whether self-rated health structure differs according to socioeconomic circumstances in later life. The study included 1,505 individuals (86.4% residing in Bambui and aged 60 years or older. Correlates of self-rated health among lower-income older adults (monthly household income A influência da situação sócio-econômica na estrutura da percepção da saúde dos idosos tem recebido pouca atenção. O objetivo foi verificar se a estrutura da percepção da saúde difere em idosos mais pobres em comparação àqueles com melhor poder aquisitivo (renda mensal familiar 2 salários mínimos. O estudo incluiu 1.505 idosos (> 60 anos de idade residentes na cidade de Bambuí, Minas Gerais, Brasil. A satisfação com a rede social surgiu com maior força na estrutura da percepção da saúde entre os mais pobres. Entre esses, sintomas depressivos e ansiosos estavam associados com a auto-avaliação da saúde, ao passo que os idosos com melhor poder aquisitivo apresentavam uma percepção da saúde mais ampla, que incluía sintomas depressivos e ansiosos, insônia, infecção pelo Trypanossoma cruzi, medicamentos utilizados e acesso aos serviços de saúde. Consultas a médicos e hospitalizações apresentaram-se associadas à auto-avaliação da saúde em ambos os grupos. Estes resultados apontam para importantes diferenças na estrutura da percepção da saúde em idosos com menor ou maior renda familiar e reforçam a necessidade de políticas para reduzir as desigualdades em saúde dessa população.

  6. Peculiaridades da radioterapia em idosos Peculiarities of radiotherapy in the elderly

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Michael Jenwei Chen

    2010-10-01

    Full Text Available É sabido que o envelhecimento da população do mundo durante o século XX e no início deste novo século constitui um desafio de primeira ordem para as nações, especialmente no campo socioeconômico. Um aspecto importante do envelhecimento populacional global é que, para grupos de idade mais avançada, a prevalência das doenças degenerativas também é maior, incluindo as doenças malignas. No universo de pacientes portadores de câncer, por outro lado, metade destes receberá radioterapia em algum momento de sua doença e suas características individuais podem influenciar, de alguma forma, o prognóstico, a indicação e as doses diárias de prescrição dos tratamentos. Neste contexto, a assistência à saúde do idoso portador de câncer deve ser vista como um importante desafio, principalmente devido a dois fatores: uma maior procura de tratamentos, em termos quantitativos, e características fisiológicas peculiares a esta população, que podem influenciar na tomada de decisões terapêuticas. Esta revisão propõe uma discussão sobre alguns aspectos relevantes tanto da fisiologia dos idosos, que pode influenciar o curso do tratamento irradiante, quanto de alguns avanços técnicos da radioterapia, que podem, por sua vez, beneficiar estes pacientes, oferecendo menor toxicidade e maior eficiência e rapidez, por exemplo.It is known that the aging of the world population during the twentieth century and the beginning of this new century is a first-order challenge for nations, especially in the socio-economic field. An important aspect of the aging of global population is that, for older age groups, the prevalence of degenerative diseases is also higher, including malignancies. On the other hand, among the population of patients with cancer, half of these patients will receive radiation therapy at some point in their illness and their individual characteristics can somehow influence the prognosis, the indication and daily doses of

  7. Treinamento resistido para idosos: revisão de literatura

    OpenAIRE

    Socorro Fernanda Coutinho dos Santos; Vicente Matias da Silva Neto

    2017-01-01

    No Brasil, o ritmo de crescimento da população idosa tem sido sistemático e constante e com isso, acredita-se que em 2025, o Brasil será a sexta maior população de idosos no mundo. Visto isso, os rofissionais da área de saúde mostram o quanto à atividade física se apresenta como fator determinante para o bom processo de envelhecimento. Objetivo: realizar uma avaliação da literatura vigente sobre os efeitos do treinamento resistido em pessoas idosas. Método: para produção da compilação deste e...

  8. A relação entre variáveis de saúde mental e cognição em idosos viúvos The relation among variables of mental health and cognition in widowed elders

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Clarissa Marceli Trentini

    2009-01-01

    Full Text Available O objetivo do estudo foi avaliar as habilidades cognitivas de idosos viúvos. O grupo total de 34 viúvos (com perda do companheiro nos últimos 12 meses foi identificado entre os idosos de Veranópolis (RS, sendo que 30 aceitaram participar do estudo. Outros 30 participantes casados, pareados conforme sexo, idade e escolaridade, compuseram o grupo controle. Os instrumentos utilizados foram: Questionário de Medida de Queixas Subjetivas de Memória (Mac-Q; Fluência verbal, categoria animal; Mini-exame do estado mental (MEEM; Teste de evocação seletiva livre e com pistas de Buschke; subteste de Dígitos da escala WAIS; Escala de depressão geriátrica (GDS e Questionário fenomenológico do luto (BPQ. Verificou-se que os viúvos tinham significativamente mais sintomas depressivos e mais pontos na escala de luto. Entretanto, não foi evidenciada diferença significativa entre as médias no desempenho cognitivo de idosos viúvos ou idosos casados. Discute-se que a escolha da viuvez censitária (ter o estado civil viúvo e não do luto emocional (auto-referido como critério de seleção pode ter influído na ausência de associação entre viuvez e disfunção cognitiva, entre outros.To assess the cognitive abilities of widowed elders, a total sample of 34 elders (who have lost their spouses in the last 12 months was identified among elders in Veranópolis-RS and 30 of them accepted to participate in the study. The control group was composed by 30 married subjects paired according to gender, age and level of education. The instruments used were: Measure Questionnaire of Memory Loss Complaints; Verbal Fluency - animal category; Mini-Mental State Examination (MMSE; Free and Cued Selective Reminding Test; Digit subtest; Geriatric Depression Scales and Bereavement Phenomenology Questionnaire. Widowed elders had significantly more depressive symptoms and more points on the bereavement scale. However, there was no significant difference between the

  9. Malnutrition and associated variables in an elderly population of Criciúma, SC Desnutrição e variáveis associadas em uma população de idosos em Criciúma-SC

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rita Suselaine Vieira Ribeiro

    2011-02-01

    Full Text Available OBJECTIVE: Determining malnutrition and associated variables in the elderly. METHODS: A cross-sectional study was conducted among elderly people vaccinated against influenza in order to evaluate their nutritional status. Nutritional assessment was performed with the Mini Nutritional Assessment. To verify association of studied variables with the outcome, odds ratios was estimated using multiple logistic regression. RESULTS: A total of 236 elderly patients were recruited. The Mini Nutritional Assessment identified three patients (1.3% with malnutrition and 59 (25% at risk of malnutrition. Factors with a positive association to the outcome were psychological stress or acute disease in the past three months, weight loss (OBJETIVO: Determinar a desnutrição e suas variáveis associadas em idosos. MÉTODOS: Estudo transversal foi conduzido entre idosos vacinados contra a gripe, a fim de medir o seu estado nutricional. A avaliação nutricional foi realizada por meio da Mini Avaliação Nutricional. Para verificar a associação das variáveis estudadas com o resultado foi estimada a odds ratios usando a regressão logística múltipla. RESULTADOS: No total 236 idosos foram recrutados. A mini avaliação nutricional identificou três pacientes (1,3% com desnutrição e 59 (25% em risco de desnutrição. Os fatores com uma associação positiva para o resultado foi o estresse psicológico ou doença aguda nos últimos três meses, perda de peso < 3 kg durante os últimos três meses e feridas ou úlceras na pele. Por outro lado, o consumo de duas ou mais porções de frutas ou vegetais ao dia, consumir carne, peixe ou frango todos os dias e beber mais de três xícaras por dia de fluidos foram negativamente associadas à desnutrição e risco de desnutrição. CONCLUSÃO: A baixa prevalência de desnutrição encontrada neste estudo é, provavelmente, devido à amostra estudada de idosos em boa saúde. Alguns fatores como problema de saúde recente

  10. Idosos com e sem plano de saúde e características socioepidemiológicas associadas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elizabeth S. C. Hernandes

    2012-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar fatores epidemiológicos e sociodemográficos associados à saúde de idosos com ou sem plano de saúde. MÉTODOS: Foram realizadas entrevistas com 2.143 pessoas de 60 anos e mais, no município de São Paulo, em 2000 e 2006. A variável dependente, dicotômica, foi ter ou não plano de saúde. As variáveis independentes abrangeram características sociodemográficas e de condição de saúde. Foram descritas as proporções encontradas para as variáveis analisadas e desenvolvido modelo de regressão logística que considerou significantes as variáveis com p < 0,05. RESULTADOS: Houve diferenças, favoráveis aos titulares de planos, para renda e escolaridade. O grupo sem planos privados realizou menos prevenção contra neoplasias e mais contra doenças respiratórias; esperou mais para ter acesso a consultas de saúde; realizou menos exames pós-consulta; referiu menor número de doenças; teve maior proporção de avaliação negativa da própria saúde e relatou mais episódios de queda. Os titulares de planos relataram menor adesão à vacinação e, dentre os que foram internados, 11,1% em 2000 e 17,9% em 2006 tiveram esse procedimento custeado pelo Sistema Único de Saúde. A única doença associada à condição de titular de plano privado foi a osteoporose. CONCLUSÕES: Há diferenças representadas pela renda e pela escolaridade favoráveis aos titulares de planos e seguros privados, as quais estão relacionadas com o uso de serviços e com os determinantes sociais de saúde.

  11. Os idosos mais velhos no meio rural: realidade de vida e saúde de uma população do interior gaúcho

    OpenAIRE

    Morais,Eliane Pinheiro de; Rodrigues,Rosalina Aparecida Partezani; Gerhardt,Tatiana Engel

    2008-01-01

    Se trata de un estudio transversal con objeto de describir y analizar los datos demográficos y socioeconómicos y las condiciones de salud de ancianos con 80 años o más residentes en el área rural de Encruzilhada do Sul - RS. La población se constituyo de 137 ancianos. La recolecta de datos fue en entrevistas domiciliares, en el período de marzo a junio de 2006. Los datos fueron analizados mediante la estadística descriptiva e inferencial. La edad media de las ancianas fue de 84,1 (dp=3,8), y ...

  12. Atividade física em idosos no contexto amazônico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabianne de Jesus Dias de Sousa

    2014-11-01

    Full Text Available Introdução: A longevidade é uma realidade tornando-se necessário a implementação e/ou implantação de ações efetivas baseadas em evidências para o controle de doenças crônicas não-transmissíveis e seus fatores de risco. Objetivou-se, relatar a experiência do grupo de hipertensos e diabéticos, desenvolvidos por enfermeiros da estratégia saúde da família, descrevendo a atividade física para a prevenção, promoção da saúde e melhoria da qualidade de vida dos idosos. Materiais e Métodos: Trata-se de um relato de experiência de natureza descritiva, vivenciado pelas enfermeiras com um grupo de usuários idosos hipertensos e diabéticos. Foi realizado levantamento em prontuários (dados secundários de 2008 até 2012. Resultados: Encontrado 320 idosos, destes, sete (2,2% eram diabéticos, cinco (1,6% diabéticos e hipertensos e, cinquenta e dois (16,2% apenas hipertensos. Resultando em sessenta e quatro idosos (20,0% portadores de alguma doença crônica não-transmissível. Destes 320 idosos, 224 idosos (70,0% relataram que não participavam de atividades físicas por inúmeros motivos. Discussão e Conclusões: Pode-se concluir que com a inclusão das atividades físicas, como atividade complementar ao tratamento médico, percebeu-se que houve uma melhoria na qualidade de vida, saúde e integração social destes idosos, através de relatos dos idosos dentre eles: controle da pressão arterial, diminuição de dores musculares e realização de atividades da vida cotidiana.Palavras chave: Atividade Motora, Doença Crônica, Qualidade de Vida. (Fonte: DeCS BIREME.Cómo citar este artículo: Sousa F, Silva M, Andrade F. Atividade física em idosos no contexto amazônico. Rev Cuid. 2014; 5(2:792-8. http://dx.doi.org/10.15649/cuidarte.v5i2.119 

  13. Formação de educadores: uma perspectiva de educação de idosos em programas de EJA Teacher education: a view of the education of the elderly in EJA programs

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Denise Travassos Marques

    2010-08-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo é salientar a necessidade de melhor formação docente em relação à Educação de Jovens e Adultos (EJA e, mais especificamente, em relação ao idoso, um grupo marcado por múltiplas exclusões e bastante presente nas salas de aula de EJA. O estudo foi realizado a partir de revisão bibliográfica sobre Educação de Jovens e Adultos, idosos e formação docente, da reflexão sobre documentos, tais como a Constituição da República Federativa do Brasil e o Estatuto do Idoso, e da análise da experiência desenvolvida pela Secretaria Municipal de Educação de Campinas-SP, por meio da FUMEC (Fundação Municipal de Educação Comunitária. Após apresentar algumas perspectivas a respeito da ampliação no número de idosos na sociedade atual, dos preconceitos relacionados ao envelhecimento e da luta pelos direitos do cidadão idoso, focamos a importância do papel do educador no intuito de reverter a obscuridade a que é remetida a pessoa idosa, tanto no âmbito social quanto no educacional. Para tanto, concluímos, tornam-se necessárias rupturas, que dizem respeito à própria imagem do pedagogo e da área da educação na sociedade, notadamente vinculada à infância, no intuito de incluir temáticas relativas ao idoso e ao envelhecimento nos currículos dos cursos de pedagogia, bem como de ampliar discussões a respeito do idoso, em especial aquele oriundo de camadas populares, nas pesquisas no campo educacional.The objective of this study is to highlight the need for better teacher training with respect to the Education of Youngsters and Adults (EJA and, more specifically, regarding the elderly, a group marked by multiple exclusions and strongly present in EJA classes. The study was based on a survey of the literatures on the Education of Youngsters and Adults, the elderly and teacher education, on the reflection on documents such as the Brazilian Constitution and the Statute of the Elderly, and on the analysis

  14. Influência de fatores socioeconômicos na qualidade de vida de idosos hipertensos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João Marcus Oliveira Andrade

    2014-08-01

    Full Text Available O presente estudo teve como objetivo analisar a associação entre fatores socioeconômicos e qualidade de vida de idosos hipertensos atendidos pelo Programa Saúde da Família na cidade de Montes Claros, Minas Gerais, Brasil. Consistiu em um estudo transversal analítico conduzido em amostra representativa de 294 idosos hipertensos. Os dados foram coletados por meio de questionário de caracterização socioeconômica e de qualidade de vida (Minichal. Foram analisados por meio de testes não paramétricos de Mann-Witney e Kuskall-Wallis. Os resultados, por sua vez, mostraram que o estado conjugal, a religião e a escolaridade afetam de maneira estatisticamente significativa a qualidade de vida de idosos hipertensos. Idosos hipertensos solteiros/divorciados/viúvos, evangélicos, espíritas e pertencentes a outras entidades religiosas, e analfabetos apresentaram menores escores de qualidade de vida. Para as demais variáveis analisadas, não houve associação estatística. Conclui-se que os fatores socioeconômicos como estado conjugal, escolaridade e religião influenciam na qualidade de vida de idosos hipertensos.

  15. Prevalência e caraterísticas das quedas de idosos institucionalizados

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Denise Cristina de Oliveira Ferreira

    2010-12-01

    Full Text Available Trata-se de estudo retrospectivo para verificar prevalência de quedas em residentes de Instituição de Longa Permanência para Idosos, em São Paulo, caracterizar os idosos caidores e descrever os eventos. Analisamos 121 prontuários e 87 relatórios de quedas, entre agosto de 2006 e agosto de 2007. Encontramos 114 quedas sofridas por 45 idosos, prevalência de 37,2%. Dentre os caidores, a maioria era mulher, média de idade 83,75 anos. Encontramos quedas recorrentes, a maioria se deu da própria altura, no quarto do idoso, gerando como consequência principal hematomas. Os residentes apresentavam diversos diagnósticos médicos e polifarmácia. Destacamos a necessidade da implementação de protocolos para prevenção de quedas, em vista da magnitude do problema e repercussões para capacidade funcional do idoso institucionalizado.

  16. Sono, fragilidade e cognição: estudo multicêntrico com idosos brasileiros

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ariene Angelini dos Santos

    2013-06-01

    Full Text Available O estudo objetivou analisar a influência conjunta das variáveis antecedentes (idade, gênero, renda, fragilidade e distúrbios de sono sobre a cognição de idosos residentes na comunidade. Trata-se de um recorte do projeto multicêntrico Fragilidade em Idosos Brasileiros (FIBRA. Foram avaliados 878 idosos, utilizando-se questionário sociodemográfico; questões sobre distúrbios de sono (Perfil de Saúde de Nottingham; questões sobre cochilo (Minnesota Leisure Activity Questionnaire e o MEEM (rastreio de alterações cognitivas. Na análise dos dados foram utilizados os testes Mann Whitney e Kruskal Wallis e a análise de regressão univariada e multivariada, com nível de significância de 5% (p<0,05. Os resultados mostraram que os idosos com menor escore do MEEM foram os com menor renda familiar, do sexo feminino e com maior idade. Os profissionais de saúde poderão desenvolver ações preventivas em relação à cognição, mantendo assim a autonomia e independência nas atividades cotidianas desses idosos.

  17. Hipertensão arterial em idosos: prevalência, fatores associados e práticas de controle no Município de Campinas, São Paulo, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Zaitune Maria Paula do Amaral

    2006-01-01

    Full Text Available Este estudo teve como objetivo avaliar a prevalência da hipertensão arterial referida em idosos de Campinas, São Paulo, Brasil, identificando os fatores associados, o uso de serviços de saúde e o conhecimento e as práticas quanto às opções do tratamento. Trata-se de estudo transversal, de base populacional, com amostra de conglomerados, estratificada e em múltiplos estágios. A análise dos dados referentes aos 426 indivíduos (sessenta anos e mais levou em conta o desenho amostral e o efeito do delineamento. A prevalência de hipertensão foi de 51,8% (46,4% nos homens e 55,9% nas mulheres e mostrou-se mais elevada em idosos: com menor escolaridade (55,9%, migrantes de outros estados (60,2% e com sobrepeso ou obesidade (57,2%. Os resultados indicam que os serviços de saúde estão garantindo o acesso ao atendimento médico (71,6% visitam o médico regularmente e aos medicamentos (86,7% tomam medicamento de rotina, sem distinção de nível sócio-econômico. Persistem, no entanto, desigualdades sociais quanto ao conhecimento e utilização de outras práticas de controle da pressão arterial, como dieta adequada e atividade física, que são insuficientemente utilizadas também pelos segmentos socialmente mais favorecidos.

  18. Benefícios do treinamento de exercícios com o Nintendo(r Wii na população de idosos saudáveis: revisão de literatura

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edna Yukimi Itakussu

    2015-06-01

    Full Text Available Este estudo tem como tema os exercícios realizados por meio do Nintendo(r Wii e seus possíveis benefícios para população de idosos saudáveis. Foi realizada revisão bibliográfica por meio das bases de dados indexadas: Medical Literature Analysis and Retrieval System Online, PubMed, Scielo, The Cochrane Library, e Physiotherapy Evidence Database. Entraram no presente estudo 10 artigos, publicados entre os anos de 2010 a 2013, sendo cinco artigos classificados metodologicamente como semi-experimentais ou do tipo intervencional e os outros cinco como ensaio clínico controlado randomizado. Após a análise e integração da literatura, foi possível identificar seis categorias relacionadas aos desfechos investigados, sendo elas o equilíbrio estático, equilíbrio dinâmico, medidas subjetivas de equilíbrio, capacidade funcional, força muscular e motivação e/ou diversão. Os resultados desta pesquisa sugerem que o Nintendo(r Wii é um valioso instrumento para a prática fisioterapêutica, trazendo potenciais benefícios para a população de idosos. São necessários mais estudos com a proposta de definir um protocolo mais adequado em relação aos jogos escolhidos, supervisão, monitorização e qual a duração e frequência de terapia seria mais vantajosa para esses pacientes, para melhor aplicabilidade clínica.

  19. Occurrence of domestic elder abuse Ocurrencia de maltratos a los ancianos en el domicilio Ocorrência de maus-tratos em idosos no domicílio

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cheila Cristina Leonardo de Oliveira Gaioli

    2008-06-01

    como objetivo verificar a ocorrência de maus-tratos praticados nos domicílios contra idosos, de ambos os sexos, no ano 2006, em laudos de exame de corpo de delito e identificar os ofensores e tipos de lesões sofridas pelos mesmos, segundo a Classificação Internacional das Doenças (CID-10. A amostra constou de 87 idosos, de ambos os sexos, com idade de 60 anos ou mais, residentes no município de Ribeirão Preto, SP, que realizaram Boletim de Ocorrência nas Delegacias de Polícia, no ano 2002. Foram consultados laudos de exames de corpo de delito e a análise utilizada foi a estatística descritiva. Os maus-tratos no domicílio ocorreram com maior freqüência entre idosos do sexo masculino (58,6%, que foram ofendidos por familiares como filhos, netos, genros e noras (47,1%. Quanto ao tipo de lesões sofridas, 33,5% apresentaram traumatismo superficial não especificado de ombro e braço. Os maus-tratos em idosos estão cada vez mais evidentes na sociedade, adquirindo dimensão social e de saúde pública.

  20. Interações medicamentosas potenciais entre idosos em uso dos anti-hipertensivos da Relação Nacional de Medicamentos Essenciais do Ministério da Saúde do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pablo Mibielli

    2014-09-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi estimar a prevalência de interações medicamentosas potenciais entre anti-hipertensivos e outros fármacos. Foi realizado um inquérito domiciliar com pessoas de 60 anos ou mais de idade, residentes no Rio de Janeiro, Brasil. Foram identificadas as interações medicamentosas potenciais entre os anti- hipertensivos com evidência estabelecida, provável ou suspeita e com gravidade moderada ou elevada. Foram entrevistados 577 idosos (média de idade = 72 anos, 45,2% dos quais em uso de anti-hipertensivos, sendo 31,0% deles sujeitos a interações medicamentosas potenciais. A maioria das interações foi moderadamente grave. Comparados aos demais, os sujeitos às interações medicamentosas potenciais têm chance acima de 4 vezes de usar 5 ou mais medicamentos e acima de duas vezes de ter sido hospitalizado no ano anterior. Entre os pares de interações mais frequentes, 75% produzem redução do efeito hipotensivo (65/87, o que pode resultar em baixa efetividade no controle da pressão arterial, prescrição de mais medicamentos e risco de outros efeitos adversos e de interações.

  1. Efeitos de um processo de alfabetização em informática na cognição de idosos Effects of digital literacy process in elderly cognition

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Natália Nunes Scoralick-Lempke

    2012-01-01

    Full Text Available Para testar a hipótese de que um processo de alfabetização digital melhora as capacidades cognitivas de idosos, mais especificamente as memórias episódica e de trabalho, a meta-memória e a autoeficácia em memória, constituíram-se dois grupos experimentais (GE com, no total, 22 idosos que participaram de uma Oficina de Inclusão Digital. Esses construtos foram avaliados pré e pós-atividades, sendo que o desempenho do GE foi comparado ao de um grupo controle (GC com 16 participantes também idosos. Após 19 oficinas de duas horas cada, verificou-se que as alterações nos processos cognitivos dos participantes, observadas na presente investigação, não podem ser atribuídas a esse processo educacional. As limitações do quase experimento e as implicações sociais e científicas dos resultados são analisadas.In order to test the hypothesis that digital literacy skills improve the elderly cognitive performance, more specifically episodic and working memory, meta-memory, and auto-efficacy in memory, two experimental groups (EG were created. The groups were formed with a total of 22 elderly people who participated in a workshop on Digital Inclusion. The constructs were assessed in pre- and post-activities. EG performance was compared to a control group (CG composed by other 16 elderly participants. After 19 workshops of two hours each, the changes in cognitive processes of the elderly which were observed in this research cannot be assigned to the educational process evaluated. The limitations of the quasi experiment and scientific and social implications of the results are also analyzed.

  2. Suicídio de idosos sob a perspectiva de gênero Suicide in the elderly from a gender perspective

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Stela Nazareth Meneghel

    2012-08-01

    Full Text Available Este estudo explora a relação entre suicídio e envelhecimento na perspectiva de gênero, analisando as demarcações socialmente impostas de masculinidade e feminilidade na vida de idosos que cometeram suicídio. Trata-se de estudo qualitativo no qual foram consideradas 50 autópsias psicossociais realizadas com familiares de idosos, pertencentes a 10 municípios brasileiros, nas regiões Norte, Sul, Nordeste e Centro-Oeste. Neste artigo foram identificadas situações referentes a vulnerabilidades de gênero na vida de 13 pessoas que se suicidaram: 10 homens e três mulheres, selecionados pelo seu caráter de exemplaridade. Duas categorias principais foram elencadas: a primeira refere-se às feminilidades, incluindo o "destino de gênero" vivido por mulheres idosas que se suicidam quando não podem mais cuidar e trabalhar. A segunda refere-se a crises nas masculinidades hegemônicas, em que homens idosos morrem após mudanças nos papeis de provedores, ocasionadas pela aposentadoria ou doença. Ressalta-se que as normas de gênero, os códigos de honra, as desigualdades de poder e estereótipos afetam tanto as mulheres quanto os homens em relação à vulnerabilidade para comportamentos suicidas.This study examines the relationship between suicide and aging from a gender perspective, examining the socially imposed boundaries of masculinity and femininity in the lives of elderly people who committed suicide. It is a qualitative study in which 50 psychosocial autopsies conducted with elderly relatives were selected from 10 cities in the North, South, Northeast and Midwest of Brazil. In this article we have identified situations of gender vulnerabilities in the lives of 13 people who committed suicide: 10 men and 3 women selected for their exemplary character. Two main categories were listed: the first refers to femininity including the "gender destiny" experienced by elderly women who commit suicide when they can no longer care for themselves

  3. Adultos e idosos com doenças crônicas: implicações para o cuidado de enfermagem

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elenara Franzen

    2007-10-01

    Full Text Available Doenças crônicas são geralmente incuráveis e incapacitantes. Os enfermeiros têm responsabilidade na educação dos pacientes sobre problemas de saúde, autocuidado e prevenção de danos. Para estudar a perspectiva de saúde de indivíduos portadores de doenças crônicas que são assistidos no Hospital de Clínicas de Porto Alegre, criamos o Grupo de Estudo e Pesquisa em Enfermagem no Cuidado ao Adulto e Idoso. Em 2005 realizamos um estudo transversal com análise de 1665 prontuários de pacientes com 60 anos ou mais, internados em unidades clínicas com o objetivo de um diagnóstico situacional. Os diagnósticos de enfermagem prevalentes (Déficit no Autocuidado: banho e/ou higiene, Alteração na Nutrição: menos do que o corpo necessita, Risco para Infecção, Padrão Respiratório Ineficaz foram identificados e relacionados aos cuidados prescritos e ao tempo de permanência hospitalar. Como muitos idosos têm déficit no autocuidado e alteração na nutrição, que são fatores de risco para o surgimento de úlceras de pressão, está sendo desenvolvido o Protocolo Assistencial de Prevenção e Tratamento de Úlcera de Pressão, que é baseado na avaliação de risco através da escala de Braden, e aplicado a todos os pacientes nas unidades de internação, emergência e Centro de Tratamento Intensivo. Acreditamos que o grupo poderá contribuir com ações educativas, assistenciais e de pesquisa que repercutam em comportamentos saudáveis de adultos e idosos, suas famílias e comunidade.

  4. A efetividade do treinamento auditivo formal em idosos usuários de próteses auditivas no período de aclimatização Formal auditory training efficiency in elderly during the acclimatization period

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elisiane de Crestani Miranda

    2007-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Verificar a efetividade de um programa de treinamento auditivo formal em idosos usuários de próteses auditivas intraaurais no período de aclimatização. MÉTODOS: A amostra foi composta por 18 idosos (idade média: 71, 38 anos, de ambos os sexos, adaptados há uma semana com próteses auditivas intra-aurais binaurais. Os participantes foram randomizados em dois grupos: Grupo Experimental (submetidos ao treinamento auditivo e Grupo Controle (não submetidos ao treinamento auditivo. O Grupo Experimental participou de sete sessões de treinamento auditivo em cabina acústica, uma sessão por semana, com duração de 50 minutos cada. Os procedimentos de avaliação incluíram testes de reconhecimento de fala e questionário de auto-avaliação do handicap auditivo. Estes foram aplicados em duas oportunidades, antes (1ª avaliação e depois (2ª avaliação do treinamento auditivo no Grupo Experimental e na avaliação inicial e final do estudo no Grupo Controle. RESULTADOS: No Grupo Experimental, o Índice de Reconhecimento de Fala e Fala com Ruído Branco foram significantemente melhores após o treinamento auditivo (2ª avaliação. Já o estudo das relações sinal/ruído no teste de reconhecimento de sentenças no ruído revelou uma tendência (p-valor próximo a 0,05 de melhora na avaliação pós-treinamento. Observou-se nos idosos do Grupo Experimental que os resultados obtidos na 2ª avaliação não foram significantemente melhores aos obtidos no Grupo Controle em todos os testes. CONCLUSÃO: Pode-se concluir que um programa de reabilitação aural, incluindo treinamento auditivo formal beneficia os idosos no período de adaptação das próteses auditivas, bem como modifica o comportamento auditivo destes indivíduos.PURPOSE: To investigate the efficiency of a formal auditory training program in hearing aid wearers during the acclimatization period. METHODS: Eighteen subjects (mean age of 71.38 years old, male and female

  5. Estudo da hipotermia acidental em idosos institucionalizados Study on accidental hypothermia in institutionalized elderly

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    António Palma Seman

    2009-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar a prevalência, causas e evolução da hipotermia acidental em idosos institucionalizados. MÉTODOS: Estudo prospectivo realizado entre janeiro e dezembro de 2004, no Hospital Geriátrico e de Convalescentes D. Pedro II, com 483 internos. Hipotermia foi confirmada por termômetro esofágico, utilizado em todos os pacientes com temperatura axilar menor ou igual a 35ºC (95ºF. Tanto o diagnóstico etiológico quanto as complicações da hipotermia foram observados em exames clínico e subsidiários de urgência como eletrocardiograma, radiografia de tórax, hemograma, gasometria arterial, glicemia, metabólitos, amilase, função hepática e renal, sorologias para HIV, sífilis e hepatite B e urina tipo I. Foram adotadas medidas de reaquecimento entre outras do protocolo de tratamento. RESULTADOS: A prevalência de hipotermia foi de 7,2% especialmente em mulheres (65,7%, e a média de idade do grupo foi 76,4 anos. A maioria dos pacientes (77,1% apresentava elevado grau de dependência (Katz "F" e "G". Hipotermia leve foi identificada na maioria dos idosos (71,4%. A taxa de mortalidade foi de 62,8%, sendo 31,4% em vigência de hipotermia e 31,4% após sua reversão. Em 100,0% dos casos, a etiologia foi infecciosa: pneumonia em 80%, infecção urinária em 60,0%, e úlceras por pressão em 17,1%. Em 60% dos casos havia mais de um foco infeccioso. CONCLUSÃO: A hipotermia em idosos institucionalizados é uma grave condição clínica, com altos índices de mortalidade. A prevenção, o diagnóstico precoce e medidas de reaquecimento central corroboram para um melhor prognóstico.OBJECTIVE: To analyze the prevalence, causes and outcome of hypothermia in institutionalized elderly. METHODS: prospective study held from January to December, 2004 at the Hospital Geriátrico e de Convalescentes Dom Pedro II (Geriatric and Convalescent Hospital Dom Pedro II, with 483 long-term care beds. Hypothermia was diagnosed by esophageal thermometer

  6. Desempenho e características da carcaça de cordeiros submetidos aos modelos de produção orgânico e convencional

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    N.M.B.L Zeola

    2011-02-01

    Full Text Available Avaliou-se o desempenho de 48 cordeiros Ile de France submetidos aos modelos de produção orgânico e convencional desde o nascimento até o abate, aos 32kg de peso corporal. Foi observado que peso ao nascer, peso ao desmame, peso corporal, peso corporal ao abate, idade do nascimento ao desmame, ingestão de matéria seca e ganhos de peso corporal do nascimento ao desmame e do desmame ao abate não foram influenciados (P>0,05 pelos modelos de produção estudados. Idade do desmame ao abate e idade do nascimento ao abate foram influenciados (P0,05 pelos modelos de produção estudados. Cordeiros submetidos ao modelo de produção convencional atingiram peso de abate em menor tempo, fato que, dos pontos de vista zootécnico e econômico, é mais propício e vantajoso ao produtor.

  7. Histopathological diagnosis of eyelid tumors in Chiang Mai University Hospital.

    Science.gov (United States)

    Nithithanaphat, Chanut; Ausayakhun, Sakarin; Wiwatwongwana, Damrong; Mahanupab, Pongsak

    2014-10-01

    To report the histopathological diagnosis ofeyelid tumors and to study the prevalence of eyelid tumors in Chiang Mai University Hospital Chiang Mai, Thailand. A retrospective review of medical and pathological records ofpatients diagnosed as eyelid tumor that underwent histopathological biopsy between January 2007 and December 2013 in Chiang Mai University Hospital was done. Three hundred sixteen cases of eyelid tumors were reviewed. The mean age at diagnosis was 54.2 +/- 19.6 years (range 1 month-99 years), women were 59.5% (n = 188) and men 40.5% (n = 128). The tumor sites were left lower eyelid (27.5%), right upper eyelid (24.4%), right lower eyelid (21.2%), and left upper eyelid (18.7%). There were 204 (64.6%) benign tumors and 112 (35.4%) malignant tumors. Nevi were the most common in benign group (16.4%) and basal cell carcinoma was the most common eyelid malignancy (18.0%). The most common histopathological diagnosis for benign eyelid tumor was nevus, while the most common malignant eyelid tumor was basal cell carcinoma at Chiang Mai University Hospital.

  8. Risk factors affecting injury severity determined by the MAIS score.

    Science.gov (United States)

    Ferreira, Sara; Amorim, Marco; Couto, Antonio

    2017-07-04

    Traffic crashes result in a loss of life but also impact the quality of life and productivity of crash survivors. Given the importance of traffic crash outcomes, the issue has received attention from researchers and practitioners as well as government institutions, such as the European Commission (EC). Thus, to obtain detailed information on the injury type and severity of crash victims, hospital data have been proposed for use alongside police crash records. A new injury severity classification based on hospital data, called the maximum abbreviated injury scale (MAIS), was developed and recently adopted by the EC. This study provides an in-depth analysis of the factors that affect injury severity as classified by the MAIS score. In this study, the MAIS score was derived from the International Classification of Diseases. The European Union adopted an MAIS score equal to or greater than 3 as the definition for a serious traffic crash injury. Gains are expected from using both police and hospital data because the injury severities of the victims are detailed by medical staff and the characteristics of the crash and the site of its occurrence are also provided. The data were obtained by linking police and hospital data sets from the Porto metropolitan area of Portugal over a 6-year period (2006-2011). A mixed logit model was used to understand the factors that contribute to the injury severity of traffic victims and to explore the impact of these factors on injury severity. A random parameter approach offers methodological flexibility to capture individual-specific heterogeneity. Additionally, to understand the importance of using a reliable injury severity scale, we compared MAIS with length of hospital stay (LHS), a classification used by several countries, including Portugal, to officially report injury severity. To do so, the same statistical technique was applied using the same variables to analyze their impact on the injury severity classified according to LHS

  9. Síndrome da fragilidade no idoso comunitário com osteoartrite Frailty syndrome in the community-dwelling elderly with osteoarthritis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rita de Cássia Corrêa Miguel

    2012-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Caracterizar e comparar idosos comunitários com osteoartrite (OA de joelhos e/ou quadris, com enfoque na síndrome da fragilidade. MéTODO: Estudo transversal com avaliação de características sociodemográficas, comorbidades, medicamentos, depressão, antropometria, quedas, dor, rigidez, função, fragilidade e avaliação subjetiva da saúde em idosos com OA de joelhos e/ou quadris a partir de subamostra do estudo sobre fragilidade em idosos brasileiros (FIBRA. RESULTADOS: A amostra final foi composta de 58 idosos (74 ± 5,50 anos, como segue: 17 (29,31% não frágeis, 28 (48,28% pré-frágeis e 13 (22,41% frágeis. O número de medicamentos foi maior no grupo frágil em comparação ao não frágil (7,00 ± 2,00 e 4,00 ± 2,00, respectivamente; P = 0,001. O Índice de Massa Corporal foi menor nos idosos não frágeis em comparação aos pré-frágeis e frágeis (média de 27,00 ± 4,50 kg/m², 30,00 ± 4,00 kg/m² e 34,00 ± 8,00 kg/m², respectivamente; P = 0,018. Depressão foi mais prevalente no grupo frágil. Em relação à saúde comparada ao ano anterior, houve diferença: 64,3% dos pré-frágeis e 46,2% dos frágeis acreditavam que sua saúde piorou; entre os não frágeis, 52,9% consideraram que a saúde permaneceu igual (P = 0,016. Quanto ao nível de atividade em relação ao ano anterior, pré-frágeis e frágeis relataram que houve piora (P = 0,010. Quanto à função e à autoeficácia para quedas, os frágeis mostraram-se piores que os demais (P = 0,023 e 0,017, respectivamente. Os outros itens avaliados não apresentaram diferenças significativas entre os grupos. CONCLUSÃO: Idosos com OA e fragilidade usam maior número de medicamentos, são mais obesos e mais deprimidos, têm pior percepção da saúde e do nível de atividade em relação ao ano anterior e pior autoeficácia para quedas e para função física.OBJECTIVE: To characterize and compare community-dwelling elderly with knee and/or hip osteoarthritis

  10. Disponibilidade de ferro, digestibilidade de proteína e teor de β-caroteno em formulados alternativos de baixo custo para alimentação enteral de idosos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Karina de Oliveira Calheiros

    2011-03-01

    Full Text Available O objetivo geral deste trabalho foi elaborar formulados alternativos à base de mistura de alimentos convencionais provenientes da cesta básica distribuída por entidades do município de Piracicaba-SP, entre outros alimentos, com o intuito de suplementar a alimentação enteral de idosos. Os alimentos utilizados para elaboração dos formulados foram fubá, óleo de soja, arroz, feijão, macarrão, sardinha, leite em pó, amido de milho, ovos, proteína texturizada de soja, couve-manteiga e cenoura. Foram realizadas análises químicas: composição centesimal, digestibilidade de proteína, determinação do mineral ferro, diálise de ferro in vitro, determinação de β-caroteno e fatores antinutricionais, assim como fenólicos totais e ácido fítico; e análise de custos dos formulados. Os resultados obtidos foram submetidos às análises estatísticas empregando o teste de Tukey e análises de regressão. Concluiu-se com este estudo que os formulados líquidos apresentaram os melhores resultados nutricionais e viabilidade econômica. Dentre estes, podem-se eleger duas alternativas. O formulado F3 se destacou na disponibilidade de ferro, quantidades de β-caroteno e digestibilidade. O formulado F4 se destacou na distribuição do valor calórico total de macronutrientes. Os formulados contribuem com percentual médio de 20% de adequação para idosos, quando ingeridas duas porções de 250 mL/dia de formulados líquidos ou em pó.

  11. Desigualdade social e saúde entre idosos brasileiros: um estudo baseado na Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Socioeconomic circumstances and health among the brazilian elderly: a study using data from a National Household Survey

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Fernanda Lima-Costa

    2003-06-01

    Full Text Available A influência da situação sócio-econômica sobre a saúde dos idosos é controversa. Nós utilizamos dados da PNAD 1998 para examinar esta influência em uma amostra de 19.068 idosos representativos da população brasileira com ³ 65 anos de idade. Aqueles com renda domiciliar per capita situada no quintil mais baixo foram comparados àqueles com renda mais alta (³ 0,67 salários mínimos. Os idosos com renda mais baixa apresentaram piores condições de saúde (pior percepção da saúde, interrupção de atividades por problemas de saúde, ter estado acamado e relato de algumas doenças crônicas, pior função física (avaliada através de seis indicadores e menor uso de serviços de saúde (menor procura e menos visitas a médicos e dentistas. Esses resultados não confirmam observações realizadas em alguns países desenvolvidos quanto à ausência de associação entre o nível sócio-econômico e a saúde do idoso. Ao contrário, os resultados deste trabalho mostram que mesmo pequenas diferenças na renda domiciliar são suficientemente sensíveis para identificar idosos com piores condições de saúde e menor acesso aos serviços de saúde no Brasil.The influence of socioeconomic circumstances on senior citizens' health is still controversial. We used data from the 1998 Brazilian National Household Survey (PNAD 1998 to examine this influence. A representative sample of the Brazilian population aged ³ 65 years (n = 19,068 were included in the study. The characteristics of those in the lower quintile of per capita household income were compared with those with higher income (³ 0.67 the Brazilian minimum wage. The lower income group presented worse health conditions (self-rated health, inability to perform routine activities due to a health problem, bedridden conditions, and a report of any disease, and worse physical functioning (level of difficulty in performing selected physical activities, and less frequent use of medical and

  12. Características da tuberculose em idosos no Recife (PE: contribuição para o programa de controle Characteristics of elderly tuberculosis patients in Recife, Brazil: a contribution to the tuberculosis control program

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Zilda do Rego Cavalcanti

    2006-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Descrever as características demográficas, de hábitos de vida, socioeconômicas, clínico-epidemiológicas e de acesso aos serviços de saúde de idosos com tuberculose, diagnosticados e tratados no Recife (PE, e compará-las com os adultos jovens em mesmas condições. MÉTODOS: Utilizou-se uma estratégia de análise do tipo caso-controle em uma coorte de pacientes com tuberculose, atendidos nas unidades de saúde pública do Recife no período de maio de 2001 a julho de 2003. RESULTADOS: Foram incluídos no estudo 1.127 pacientes, 136 idosos (casos e 991 adultos jovens (controles. Nos dois grupos o sexo prevalente foi o masculino e a forma da doença a pulmonar. O etilismo foi mais freqüente entre os controles e o analfabetismo entre os casos. Os idosos queixaram-se menos de tosse, sudorese e dor torácica. A sorologia para o vírus da imunodeficiência humana foi realizada em apenas 29 pacientes (2,6%. Os controles tiveram maior percentual de positividade nos exames de baciloscopia e cultura. Ambos os grupos tiveram que procurar mais de dois serviços de saúde e passaram-se mais de dois meses até que se fizesse o diagnóstico da doença. Os idosos tiveram maiores índices de cura e óbito, e abandonaram menos o tratamento. CONCLUSÃO: Na população estudada, os idosos apresentaram menos tosse, sudorese noturna e dor torácica, menor positividade nos exames complementares e maior mortalidade. Devem constituir um grupo com abordagem especial dos serviços de saúde pública.OBJECTIVE: To describe the demographic characteristics, everyday habits, socio-economic conditions, clinico-epidemiological profiles and access to health care services among the elderly patients with tuberculosis diagnosed and treated in the city of Recife, Brazil, comparing them to those observed in young adults with tuberculosis. METHODS: A case-control type strategy was used to evaluate a cohort of patients with tuberculosis, all of whom were treated in

  13. Cultivares de trigo duplo propósito submetidos ao manejo nitrogenado e a regimes de corte

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M Hastenpflug

    2011-02-01

    Full Text Available Avaliaram-se a produção e a qualidade da forragem em cultivares de trigo duplo propósito submetidos a doses de nitrogênio e a regimes de corte. O delineamento experimental foi o de blocos ao acaso com três repetições. Os tratamentos constituíram-se de quatro cultivares de trigo duplo propósito - BRS Figueira, BRS Umbu, BRS Guatambu e BRS Tarumã -, cinco doses de nitrogênio - 0, 45, 90, 135 e 180kg ha-1 - e três manejos de corte - sem corte, um e dois cortes. As variáveis avaliadas foram: produção de forragem, relação de folhas, proteína bruta, digestibilidade in vitro da matéria orgânica e nutrientes digestíveis totais. A adubação nitrogenada apresentou comportamento linear crescente sobre a produção de massa e proteína da forragem e não houve efeito sobre as demais variáveis. A produção de forragem aumentou no segundo corte e sua qualidade decresceu. Os resultados quantitativos e qualitativos da forragem foram distintos entre os cultivares. Os cultivares de trigo duplo propósito de ciclo mais longo apresentaram maior qualidade forrageira e menor produção de forragem.

  14. A singularidade do apoio aos idosos: cuidadores formais e informais, que articulação?

    OpenAIRE

    Gemito, Maria Laurência

    2012-01-01

    É visível o envelhecimento da população e as consequências que daí advêm. A par do envelhecimento demográfico ocorreram profundas mudanças sociais e familiares nas últimas décadas, que afetaram a estrutura e composição das famílias suscitando grandes preocupações acerca do apoio familiar aos idosos. Inúmeras são as dificuldades com que se debatem os cuidadores informais de idosos, sendo necessária a complementaridade entre redes formais e informais.

  15. Música para idosos institucionalizados: percepção dos músicos atuantes

    OpenAIRE

    Leão, Eliseth Ribeiro; Flusser, Victor

    2008-01-01

    Estudo qualitativo que analisou a percepção dos músicos sobre a atividade musical junto a idosos institucionalizados (Portugal e França). Empregaram-se um questionário e o Discurso do Sujeito Coletivo para organização dos dados. Os músicos percebem sua atuação como uma experiência relacional; buscam intencionalmente a proximidade e a comunicação; reconhecem a realidade dos idosos institucionalizados e desejam transformá-la; apresentam algumas dificuldades de comunicação interpessoal, de aprim...

  16. O cuidado do idoso: representações e práticas sociais

    OpenAIRE

    Brito, Annie Mehes Maldonado

    2014-01-01

    Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Programa de Pós-Graduação em Psicologia, 2014. Este estudo teve como objetivo principal compreender as representações sociais de idosos acerca dos cuidados para consigo, para com outros idosos e relativas a sua rede social, relacionando-as com práticas de autocuidado e dos cuidados dispensados pela rede social. Para a fundamentação teórica, utilizou-se a perspectiva das representações sociais...

  17. Influência da atividade física nos componentes psicomotores em idosos

    OpenAIRE

    Patricia Espíndola Mota Venâncio; Kesia da Rocha Mendes; Lorena Cristina Castilho; Grassyara Pinho Tolentino

    2016-01-01

    Objetivo: analisar a influência da atividade física nos componentes psicomotores em idosos participantes do UNIATI-UniEvangélica. Método: tratou-se de um estudo de natureza descritiva com abordagem qualitativa, transversal, realizado com 80 idosos, de ambos os sexos, sendo que 60 praticam atividades físicas, 20 musculação, 20 hidroginástica, 20 ritmos, regularmente em um projeto na faculdade UniEvangélica (UNIATI), na cidade de Anápolis-GO e outros 20 sedentários. As informações foram coletad...

  18. Idosos vacinados e não vacinados contra a influenza: morbidade relatada e aspectos sociodemográficos, Porto Alegre (RS, Brasil, 2004 Influenza-vaccinated and non-vaccinated elderly: reported morbidity and sociodemographic aspects, Porto Alegre (RS, Brazil, 2004

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Aparecida Müller Vilarino

    2010-09-01

    Full Text Available Aproveitando o evento da campanha nacional de vacinação de idosos contra o vírus influenza em 2004, realizou-se um estudo epidemiológico transversal descritivo com objetivo de comparar populações de idosos vacinadas e não vacinadas em relação à ocorrência de situações de doença ou internações hospitalares dentro do período de três meses após a vacinação. Não foi possível trabalhar com amostragem probabilística, e a tentativa de pareamento de idosos vacinados e não vacinados não teve sucesso devido à elevada cobertura vacinal observada (73% da população-alvo e ao curto espaço de tempo para obter as entrevistas. O resultado da análise descritiva dos 1.130 idosos entrevistados foi muito interessante, mesmo não sendo possível inferir para o universo de idosos de Porto Alegre. Encontrou-se maior proporção na população vacinada de pessoas na faixa etária de 70 a 79 anos (42% e na população não vacinada na faixa de 60 a 64 anos (40%. Os idosos vacinados são na maioria mais velhos; mulheres; têm plano de saúde; declaram renda mais elevada; realizam atividades físicas e não são fumantes. Os idosos não vacinados são na maioria homens; mais jovens; com menor renda; não realizam atividades físicas e são fumantes. Observou-se percentual menor de relato de pneumonias e internações hospitalares entre os vacinados em relação aos não vacinados.This descriptive transversal epidemiological study had the objective of comparing the elderly population who took the influenza vaccine and who did not regarding the occurrence of events of diseases or hospital admittances within three months after the vaccination. It was not possible to work with probable sampling and the attempt of pairing the vaccinated and non-vaccinated elderly was not successful due to the high vaccine coverage observed (73% of the target population and due to the short time available to make the interviews. The result of the descriptive

  19. Perfil de clientes submetidos a amputações relacionadas ao diabetes mellitus Perfíl del paciente sometido a la amputación relacionada a el diabestes mellitus Profile of patients submitted to amputation related to diabetes mellitus

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Darlene Mara dos Santos Tavares

    2009-12-01

    Full Text Available Estudo retrospectivo que objetivou descrever as características sócio-demográficas e clínicas de 141 sujeitos, internados no Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Triângulo Mineiro, submetidos à amputação relacionada ao diabetes; comparar o número de amputações de acordo com as variáveis sexo, faixa etária, co-morbidades e tipo de tratamento e associar o número de amputações com o tempo de internação e de diagnóstico. Os dados coletados em prontuários totalizaram 208 amputações. Maior percentual de sujeitos do sexo masculino (58,9% e maior ocorrência de amputação entre os idosos (70,2%; principal causa de internação: pé diabético (35,7%; a maioria (75,0% foi internada até duas vezes; co-morbidade mais freqüente: hipertensão arterial (74,0%; a mediana do número de amputações foi duas. Não foi observada diferença significativa entre as variáveis estudadas.Estudio retrospectivo que tuvo como objetivo describir las características sociodemográficas y las clínicas de 141 individuos internados en el Hospital de Clínicas de la Universidade Federal do Triângulo Mineiro, Uberaba, MG, Brasil, sometidos a amputaciones relacionadas con diabetes y comparar el número de amputaciones a partir de las variables sexo, edad, comorbilidad y tipo de tratamiento, así como asociar el número de amputaciones con el tiempo de internación y de diagnóstico. Los datos fueron recolectados en las fichas médicas, totalizando 208 amputaciones. Quedó comprobado un mayor porcentual de pacientes del sexo masculino (58,9% y una mayor incidencia de amputaciones entre los ancianos (70,2%; el principal causa de internación fue: pie diabético (35,7%; la mayoría (75,0% fue internado dos veces; comorbilidad más frecuente: hipertensión arterial (74,0%; promedio de amputaciones fue dos. No fueron observadas diferencias significativas entre las variables estudiadas.Retrospective study that aimed at describing the clinic and

  20. Projeto de Extensão “Histórias para Contar” e a proposta de uma formação mais humanística aos acadêmicos de Jornalismo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcelli Alves da Silva

    2016-08-01

    Full Text Available A proposta deste artigo é destacar a importância da extensão universitária como ferramenta complementar da educação universitária. O recorte tem como foco a descrição da experiência com o projeto "Histórias para Contar", uma proposta implantada pelo Curso de Comunicação Social da Faculdade Estácio de Sá de Campo Grande (MS na qual alunos e professores partilhavam momentos de leitura e descontração com idosos do asilo São João Bosco, o mais antigo da cidade. As atividades foram proposta como uma tentativa de ampliar a formação humanística do discente.

  1. Evento adverso no idoso em Unidade de Terapia Intensiva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Larissa Chaves Pedreira

    Full Text Available Objetiva identificar a produção científica, na América Latina, sobre segurança do idoso na UTI e os eventos adversos trazidos pela literatura. Revisão sistemática quantitativa. A coleta, feita no banco de dados do LILACS e SCIELO, considerou descritores indexados e respeitou critérios de inclusão e exclusão. Foram selecionados vinte trabalhos para análise. Em sua maioria, esses trabalhos foram realizados após o ano de 2000, no Brasil, por profissionais enfermeiros e médicos, tratando principalmente de erros com medicação, retiradas acidentais de sondas e cateteres, infecção nosocomial, erro na técnica de procedimento e ocorrência de úlceras por pressão. A produção cientifica sobre a temática ainda é recente na América Latina, sendo preciso atentar para a população idosa nessas unidades, voltando-se para possíveis riscos a que estão expostos.

  2. Apoio social e saúde entre idosos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ramos Marília P.

    2002-01-01

    Full Text Available O presente artigo trata da relação entre a saúde dos idosos e relacionamentos sociais, bem como na interpretação e entendimento desta problemática sob a luz de dois enfoques teóricos: um macro, centrado na Teoria da Integração Social de Emile Durkheim e outro micro, centrado na Teoria das Trocas, de Peter Blau, com ênfase na Teoria da Eqüidade. A integração social (freqüência de contatos pode ter efeitos negativos na saúde, mas isto tem de ser medido pela qualidade dos contatos. Algumas conclusões apresentadas indicam que as relações sociais têm um efeito na saúde, no sentido de que as pessoas, nas sociedades modernas, esperam a reciprocidade, e, quando isto não é possível, principalmente na fase do envelhecimento, as pessoas sentem-se dependentes, e isso pode afetar a saúde de diferentes maneiras. Por outro lado, quando as pessoas têm problemas de saúde, elas experienciam uma falta de relações sociais balanceadas devido à incapacidade para trocar em bases iguais. Sendo assim, conclui-se que a relação entre relações sociais e saúde na população idosa pode ser uma relação recíproca.

  3. Automedicação em idosos na cidade de Salgueiro-PE Self-medication in the elderly of the city of Salgueiro, State of Pernambuco

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mirivaldo Barros e Sá

    2007-03-01

    Full Text Available OBJETIVOS: identificar os determinantes associados ao perfil da automedicação na população de idosos de 60 anos e mais, no município de Salgueiro/Pernambuco/Brasil. MÉTODO: Estudo de corte transversal realizado na zona urbana no município de Salgueiro - PE. Entre 01/05 a 10/06/2004, foram aplicados questionários em uma amostra de 355 indivíduos da população de 60 anos e mais. Os dados foram processados e analisados no EPIINFO 6.04 após digitação em dupla entrada e validação. RESULTADOS: 44,9% dos entrevistados encontravam-se na faixa etária de 60-70 anos, 247 (69,8% eram do sexo feminino, 188 (53,1% eram analfabetos e 145 (40,7% tinham o primeiro grau incompleto, sendo 276 (77,7% aposentados. Entre os que faziam uso de medicamentos sem receita médica houve predomínio de analgésicos (30% e antipiréticos (29%. Entre os motivos mais freqüentes apresentados, e que levavam os indivíduos a tomar remédios por conta própria, a dor tem o maior índice (38,3%, seguida de febre (24,4%, diarréia (8,0%, pressão alta (8,0% e tosse (5,2%. Houve associação entre a ausência de atividade física e automedicação (x² =14,44, p=0,001. CONCLUSÃO: existe grande prevalência da automedicação neste grupo, sendo os analgésicos e os antipiréticos os mais utilizados; a dor é o sintoma que mais leva à automedicação; os idosos sedentários se automedicam mais que os praticantes de atividade física.OBJECTIVES: to identify the determinants associated with the practice of self-medication in the 60-year-old or older population in the city of Salgueiro/Pernambuco/Brazil. METHODS: A cross-sectional study was carried out in the urban zone in the city of Salgueiro - PE; questionnaires were handed out between May/01/2004 and June/06/2004 in a sample population of 355 persons aged 60 years or more. Data were processed and analyzed using EPIINFO 6.04 software after a double entry and validated. RESULTS: The sample was comprised of 44.9% (159

  4. Pensionid poliitilisest tõmbetuulest välja / Mai Treial

    Index Scriptorium Estoniae

    Treial, Mai, 1952-

    2007-01-01

    Ilmunud ka: Põhjarannik, 18. mai 2007, lk. 2; Severnoje Poberezhje, 18. mai 2007, lk. 2; Koit, 22. mai 2007, lk. 6; Sakala, 23. mai 2007, lk. 2; Harju Ekspress, 25. mai 2007, lk. 6; Vooremaa, 26. mai 2007, lk. 2; Valgamaalane, 29. mai 2007, lk. 2; Oma Saar, 30. mai 2007, lk. 5; Teataja : Eestimaa Rahvaliidu ajaleht, juuni, nr. 6, 2007, lk. 3. Rahvaliidu ettepanekust riikliku pensionikindlustuse seaduse täiendamise eelnõu kohta: pensioni baasosa osakaalu tuleks suurendada neljal järgmisel aastal

  5. Delirium em pacientes na unidade de terapia intensiva submetidos à ventilação não invasiva: um inquérito multinacional

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lilian Maria Sobreira Tanaka

    2015-12-01

    Full Text Available RESUMO Objetivos: Conduzir um inquérito multinacional com profissionais de unidades de terapia intensiva para determinar as práticas relacionadas à avaliação e ao manejo do delirium, bem como as percepções e as atitudes relacionadas à avaliação e ao impacto do delirium em pacientes submetidos à ventilação não invasiva. Métodos: Foi elaborado um questionário eletrônico para avaliar o perfil dos respondedores e das unidades de terapia intensiva a eles relacionadas; a realização de avaliação sistemática e a forma de manejo do delirium; e as percepções e condutas dos profissionais com relação à presença de delirium em pacientes submetidos à ventilação não invasiva. O questionário foi distribuído por meio da mala direta de correio eletrônico da rede de cooperação em pesquisa clínica da Associação de Medicina Intensiva Brasileira (AMIB-Net e para pesquisadores em diferentes centros da América Latina e Europa. Resultados: Foram analisados 436 questionários que, em sua maioria, eram provenientes do Brasil (61,9%, seguidos por Turquia (8,7% e Itália (4,8%. Aproximadamente 61% dos respondedores relataram não proceder à avaliação de delirium na unidade de terapia intensiva, enquanto 31% a realizavam em pacientes submetidos à ventilação não invasiva. Confusion Assessment Method for the Intensive Care Unit foi a ferramenta diagnóstica validada mais frequentemente citada (66,9%. Com relação à indicação de ventilação não invasiva para pacientes em delirium, 16,3% dos respondedores nunca permitiam o uso de ventilação não invasiva neste contexto clínico. Conclusão: Este inquérito fornece dados que enfatizam a escassez de esforços direcionados à avaliação e ao manejo do delirium no ambiente da terapia intensiva, em especial nos pacientes submetidos à ventilação não invasiva.

  6. Envelhecimento ativo e caracteristicas de personalidade em idosos portugueses

    OpenAIRE

    Santos, Inês Soreano dos

    2013-01-01

    Os estudos sobre idade adulta, a velhice e o processo de envelhecimento, têm vindo a adquirir um relevo e pertinência neste início do século vinte e um, devido à evolução demográfica que se assiste no mundo ocidental (Fonseca, 2006). Em Portugal, os Censos 2011 (INE, 2011) refletem um perfil demográfico caracterizado por um aumento da população mais idosa e pela diminuição da população mais jovem, motivada sobretudo pela diminuição da natalidade. Este presente estudo pretendeu testar empirica...

  7. Estudo comparativo da morbimortalidade entre idosos no Estado da Paraíba

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mariana Guilherme Lima

    2016-12-01

    Full Text Available O envelhecimento mundial é um fenômeno que tem sido muito discutido na última década e o seu rápido processo observado nos países em desenvolvimento, como o Brasil, ainda não tem sido suficientemente estudado para fornecer os elementos necessários ao desenvolvimento de políticas adequadas para essa parcela da população. Este estudo teve como objetivo identificar as principais causas de morbi-mortalidade, entre homens e mulheres com 60 anos ou mais, residentes no Estado da Paraíba. Realizou-se um estudo de natureza descritiva exploratório com abordagem quantitativa, por meio de dados secundários disponíveis no DATASUS, encontrados no site do Ministério da Saúde, de acordo com o Sistema de Informações de Mortalidade (SIM/SUS, o Sistema de Internações Hospitalares (SIH/SUS e os dados demográficos segundo o IBGE. Identificou-se a Doença Isquêmica do Coração, seguida da Doença Cerebrovascular e do Diabetes Mellitus, com os maiores coeficientes de mortalidade nos idosos. Ao comparar as principais causas de mortalidade entre os sexos, os homens apresentaram maior risco para Cirrose e Doença Crônica do Fígado, Acidentes de Transporte e Câncer de Pulmão. As mulheres apresentaram como as principais causas de mortalidade o Diabetes Mellitus, Pneumonias e Infecções Intestinais. Entre as causas mais prevalentes de morbidade, destacam-se as Doenças Circulatórias, Doenças Respiratórias e Doenças Infecciosas e Parasitárias. Os resultados mostram as principais causas de morbidade e mortalidade entre os idosos são as doenças Circulatórias, Doenças Respiratórias e as Doenças Infecciosas, que podem ser reduzidas com a adoção de políticas amplas de promoção, prevenção e tratamento oportuno e adequado para essas doenças, o que aponta para uma crescente preocupação com medidas preventivas para esta faixa etária da população. Comparative Study of Morbidity and Mortality Among the Elderly in the state of

  8. Carcinoma epidermóide da boca em idosos de São Paulo Squamous cell carcinoma of the mouth in the elderly in São Paulo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    MÁRIO R. PERUSSI

    2002-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Verificar a influência das variáveis sexo e localização do tumor primário na sobrevida, em idosos portadores de câncer da boca. MÉTODOS: Estudo retrospectivo com 1440 fichas clínicas de pacientes com carcinoma epidermóide da boca do Serviço de Cirurgia de Cabeça e Pescoço do Hospital Heliópolis, São Paulo, de 1978-1997. Foram encontrados 562 idosos (idade mínima de 60 anos - critério da OMS para países em desenvolvimento e 878 nas 1ª e 2ª idades, comparando-se as freqüências das variáveis do estudo (sexo e localização do tumor. Como critério de evolução utilizou-se o tempo de vida, em meses, após o diagnóstico. Foi utilizado como método estatístico o qui-quadrado com nível de significância de 5% ( a = 0,05. RESULTADOS: A freqüência do câncer da boca em idosos permaneceu estável no período estudado (39,5% em 1978-87 vs 38,2% em 1989-1997. A relação masculino:feminino foi de 3:1 em pacientes com mais de 60 anos e 8:1 antes dos 60 anos. Observou-se um predomínio em idosos no câncer da região jugal (56% e palato (47% quando comparados com os tumores de pacientes mais jovens localizados em língua e soalho (67% e língua (62%. Não foram observadas diferenças na percentagem de pacientes falecidos antes do início do tratamento (11,6% vs 10,5% em jovens e nas percentagens de sobrevida em diferentes períodos (seis meses a cinco anos. CONCLUSÕES: Existe uma maior proporção de mulheres com câncer da boca entre os idosos quando comparadas as 1ª e 2ª idades. Compararativamente, os tumores do andar superior da boca (palato foram mais freqüentes nos indivíduos com menos de 60 anos enquanto que a localização na língua e soalho ocorreu com maior freqüência nos pacientes com idade de 60 e mais anos. As diferenças observadas em relação ao sexo e localização não se refletiram em modificação de sobrevida dos pacientes estudados.OBJECTIVE: To assess the influence of sex and primary tumor

  9. Fatores determinantes da capacidade funcional entre idosos Determinant factors of functional status among the elderly

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tereza Etsuko da Costa Rosa

    2003-02-01

    Full Text Available OBJETIVO; Investigar a influência de fatores socioeconômicos e demográficos relativos à saúde, bem como os fatores ligados às atividades sociais e à avaliação subjetiva da saúde sobre a capacidade funcional dos idosos. MÉTODOS: Estudo transversal, integrante de estudo multicêntrico, em amostra representativa do município de São Paulo, realizado em 1989. A capacidade funcional foi avaliada através da escala de atividades da vida diária pessoal e instrumental e investigada como variável dicotômica: ausência de dependência - incapacidade/dificuldade em nenhuma das atividades versus presença de dependência moderada/grave - incapacidade/dificuldade em 4 ou mais atividades. Análise de regressão logística múltipla foi aplicada aos fatores hierarquicamente agrupados. RESULTADOS: As características que se associaram com a dependência moderada/grave foram analfabetismo, ser aposentado, ser pensionista, ser dona de casa, não ser proprietário da moradia, ter mais de 65 anos, ter composição familiar multigeracional, ter sido internado nos últimos 6 meses, ser "caso" no rastreamento de saúde mental, não visitar amigos, ter problemas de visão, ter história de derrame, não visitar parentes e ter avaliação pessimista da saúde ao se comparar com seus pares. CONCLUSÕES: As características identificadas que se associaram à dependência moderada/grave sugerem uma complexa rede causal do declínio da capacidade funcional. Pode-se supor, entretanto, que ações preventivas especificamente voltadas para certos fatores podem propiciar benefícios para o prolongamento do bem estar da população idosa.OBJECTIVE: To investigate the impact of health-related demographic and socioeconomic factors, as well as the impact of factors associated to social activity and the subjective health evaluation on the functional status of elderly people. METHODS: A cross-sectional multicentric study was conducted in a representative population

  10. Guillain-Barré syndrome in the elderly: clinical, electrophysiological, therapeutic and outcome features Síndrome de Guillain-Barré no idoso: aspectos clínico-eletrofisiológicos, terapêutico e prognóstico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcondes C. França Jr

    2005-09-01

    parece ser mais freqüente no idoso e isto pode ter implicações prognósticas. PFX e IVIg foram eficazes, mas complicações ocorreram apenas no grupo tratado com PFX. Estudos prospectivos são necessários para um melhor entendimento e manejo da SGB no idoso.

  11. O papel da enfermeira na reabilitação do idoso El papel de la enfermera en la rehabilitación del anciano The nurse's function in the elderly's rehabilitation

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria José D'Elboux Diogo

    2000-01-01

    Full Text Available Com o crescente aumento da população idosa em nosso país, torna-se cada vez mais freqüente a presença de idosos nos serviços de saúde e em especial nos de reabilitação. Trazemos neste texto descritivo os principais aspectos envolvidos na reabilitação do idoso: as peculiaridades referentes à reabilitação nesta faixa etária, a avaliação funcional como um importante indicativo da qualidade de vida, as fases da reabilitação do idoso e a assistência de enfermagem sistematizada, por meio da qual a enfermeira, inserida na equipe multidisciplinar atua com o idoso e sua família, de maneira individualizada.Con el aumento creciente de los ancianos en nuestro país, se torna cada vez más frecuente la presencia del anciano en los servicios de salud y sobre todo de rehabilitación. Traemos en este texto descriptivo, los principales aspectos involucrados en la rehabilitación del anciano: las peculiaridades referentes a la rehabilitación en este grupo de edad, la evaluación funcional como un importante indicativo de la calidad de vida, las fases de la rehabilitación del anciano y de la atención sistematizada de enfermería por medio de la cual la enfermera, insertada en el equipo multidisciplinario actúa con el anciano y su familia, de manera individualizada.As the elderly people in our country are increasing it becomes more and more frequent the elderly's presence in the services of health and especially of rehabilitation. We bring in this descriptive text the main aspects involved in the elderly's rehabilitation: the referring peculiarities to the rehabilitation in this age group, the functional evaluation as an important indicative of the life quality, the phases of the elderly's rehabilitation and the systematized nursing care through the nurse, inserted in the multidisciplinar team acts with the elderly patient and his family, in an individualized way.

  12. Panorama da primeira década pós-promulgação do Estatuto do Idoso

    OpenAIRE

    Silva, Anelise Crippa; Pontifícia Universidade Católica do RIo Grande do Sul; Schwanke, Carla Helena Augustin; PUCRS

    2013-01-01

    Este trabalho apresenta uma revisão sistemática a respeito do Estatuto do Idoso (EI) lei n. 10.741/2003 que regulamenta os direitos dos idosos residentes no território brasileiro. Foram identificados 23 artigos, dos quais 21 foram, efetivamente, incluídos na revisão. Tais artigos abordam o conhecimento dos idosos, frequentadores de universidade aberta da terceira idade, acerca da cidadania e do envelhecimento (um artigo); a percepção de profissionais da saúde...

  13. Aplica??o do Modelo Calgary para avalia??o de fam?lias de idosos hospitalizados sob cuidados paliativos

    OpenAIRE

    Duarte, Marcella Costa Souto

    2015-01-01

    A presente tese ? constitu?da por tr?s artigos, um te?rico, intitulado Produ??o cient?fica sobre a pessoa idosa em cuidados paliativos: um estudo bibliom?trico e dois originais: Avalia??o estrutural, desenvolvimental e funcional de fam?lias de pacientes idosos com c?ncer em cuidados paliativos; e Avalia??o familiar de pacientes idosos com acidente vascular encef?lico em cuidados paliativos. Objetivo: analisar a estrutura, o desenvolvimento e o funcionamento de fam?lias de pacientes idosos sem...

  14. Sintomatologia da depress?o e representa??es sociais de ser idoso e depress?o

    OpenAIRE

    Oliveira, Marcos Francisco de

    2011-01-01

    Introdu??o: O envelhecimento, apesar de ser uma grande vit?ria, est? causando uma ampla preocupa??o para os governantes, devido ao aumento populacional e ao risco de adoecimento, capaz de afetar a qualidade de vida das pessoas idosas. Objetivos: Avaliar a sintomatologia da depress?o referida por idosos; conhecer as representa??es sociais sobre ser idoso e depress?o; e identificar aspectos psicossociais associados a ser idoso e depress?o. Metodologia: Estudo explorat?rio, realiz...

  15. A implementação do estatuto do idoso: estudo exploratório em Salvador-Bahia

    OpenAIRE

    Ribeiro, Maria Helena Lordelo de Salles

    2016-01-01

    A implementação dos direitos e garantias asseguradas aos idosos pela Lei 10.741/2003, o Estatuto do Idoso, requer ampla mobilização da sociedade civil e do Estado, na busca da cidadania e do respeito a este grupo populacional. Nesta perspectiva, o presente estudo teve como objetivo identificar as ações no resguardo e na defesa da dignidade, do respeito e da celeridade no trato das questões envolvendo os idosos, na esfera policial, na Defensoria Pública e, principalmente, no Poder Judiciário. ...

  16. Qualidade de vida em pacientes submetidos à prostatectomia radical

    OpenAIRE

    Goulart, Débora Moura Miranda

    2012-01-01

    Introdução: O câncer de próstata (CaP) é entre os homens o segundo tumor maligno mais prevalente e a segunda neoplasia em causa de morte. Duas características são peculiares: a incidência aumenta com a idade e o caráter indolente na maioria dos casos. Estudos sobre o CaP são relevantes frente à elevada incidência e às altas taxas de cura quando há o diagnóstico em fases iniciais. A prostatectomia radical (PR) é o padrão ouro em tumores localizados. Como complicações cirúrgicas destacam-se,...

  17. Diferenças biopsicossociais entre idosos de instituição asilar particular e filantrópica da cidade de Porto Alegre =Biopsychosocial differences between elderly residents of private and phylantropic nursing homes in the city of Porto Alegre

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Terra, Newton Luiz et. al

    2009-01-01

    Full Text Available Objetivos: avaliar as principais diferenças e semelhanças entre idosos residentes em uma instituição asilar filantrópica (SPAAN e outra privada (Lar Israelita da cidade de Porto Alegre. Métodos: os dados foram coletados a partir de um instrumento, aplicado por estudantes de medicina, o qual contém informações biopsicossociais dos idosos selecionados por apresentarem condições cognitivas e concordaram em participar da pesquisa. Resultados: foram entrevistados 55 idosos, 25 do grupo SPAAN e 30 do grupo Israelita. Características similares e contrastantes foram observadas nos dois grupos. Em ambas as instituições as mulheres foram mais prevalentes. Atividades sócio-recreativas que não exigem esforço físico foram as mais referidas em ambos os grupos: conversar com amigos (50% e hábito da leitura (48%. Motivos do asilamento foram similares: carência familiar, viuvez e solidão (47,3%, seguido de vontade própria (38%. Caminhada foi a atividade física mais frequente no grupo SPAAN, enquanto ginástica a mais frequente no grupo Israelita. A saúde (60%, família (49%, amor (26% e respeito (26% foram os valores mais importantes para os entrevistados. O grupo SPAAN apresentava melhor auto-avaliação de saúde e menor frequência de dependências que o outro grupo. Conclusões: este estudo possibilitou o conhecimento da situação dos idosos de duas instituições asilares distintas. Idosos de instituição filantrópica parecem ter mais necessidades básicas de alimentação e moradia e menos dependência física, enquanto residentes de instituição privada têm necessidades específicas de cuidado de saúde. Aims: To evaluate the main differences and similarities between two groups of elderly residents from a philanthropic (SPAAN group and a private (Israelita group nursing homes in the city of Porto Alegre. Methods: The data were collected through an instrument applied by medical students. The questionnaire collected bio

  18. Rede de apoio social e saúde de idosos pneumopatas crônicos Social support network and health of elderly individuals with chronic pneumopathies

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rafael Barreto de Mesquita

    2012-05-01

    Full Text Available Esse estudo objetivou analisar características estruturais da rede de apoio social de idosos pneumopatas crônicos, traçando relações com a manutenção/recuperação da saúde. Utilizou-se dos pressupostos da metodologia de Análise de Redes Sociais (ARS, focando o conceito de apoio social e suas dimensões. Na coleta dos dados, foram empregados questionário e entrevista semiestruturada, aplicados a 16 idosos assistidos por um hospital público de Fortaleza-CE. Os dados quantitativos foram processados com auxílio dos softwares UCINET 6.123, NetDraw 2.38 e Microsoft Excel. Na analise qualitativa, o corpus constituiu material submetido a interpretações apoiadas em referencial teórico pertinente e atual. Cada informante trazia para a rede uma média de 10,37 indivíduos. Dentre os três tipos de apoio social, houve predominância daquele de informação com procedência nos profissionais de saúde. Ainda se observou a importância da reciprocidade no fornecimento/recebimento de apoio social, o qual funciona com a participação dos profissionais de saúde e da família. Conclui-se que a rede do idoso pneumopata crônico é pouco coesa, restringindo-se à rede pessoal de cada um, e que, mesmo assim, os informantes reconhecem e estão satisfeitos com o apoio social proporcionado por ela.This study sought to analyze characteristics of the social support network of the elderly with chronic pneumopathies, establishing links with health maintenance/rehabilitation. The assumptions of Social Network Analysis (SNA methodology were used, addressing the social support concept. A questionnaire and semi-structured interviews, both applied to 16 elderly people attended by a public hospital in Fortaleza-CE, were used for data collection. Quantitative data were processed using the UCINET 6.123, NetDraw 2.38 and Microsoft Excel software programs. In the qualitative analysis, the body of material was subjected to interpretations based on relevant and

  19. Cuidador de idoso: discussão do processo de regulamentação da profissão pela análise discursiva de audiências públicas

    OpenAIRE

    Raquel Noel Ribeiro

    2015-01-01

    Frente ao crescimento da população idosa no Brasil, observa-se a necessidade de cuidados de longo prazo voltados a parte desse grupo e de apoio aos seus familiares, que não conseguem mais assumir sozinhos a função do cuidado. Nesse contexto, é recente na sociedade a figura do cuidador de idoso, cuja função é classificada como ocupação pela Classificação Brasileira de Ocupações. O Projeto de Lei do Senado 284/2011 apresentou a proposta de regulamentação da profissão de cuidador de pessoa idosa...

  20. Dyslipidemia and the risk of incident hypertension in a population of community-dwelling Brazilian elderly: the Bambuí cohort study of aging Dislipidemia e risco de incidência de hipertensão em uma população de idosos Brasileiros vivendo em comunidade: estudo de coorte de idosos de Bambuí

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marco Polo Dias Freitas

    2011-01-01

    Full Text Available This study aimed to examine the prognostic value of lipid parameters for incident hypertension in elderly living in a community. The study included 306 (81% from total persons aged > 60 years who were free of hypertension and of cardiovascular diseases at the baseline survey of the Bambuí Cohort Study of Aging. The cumulative incidence of hypertension over three years was 37.3%. The relative risk (RR of incident hypertension decreased 0.92 for each unit of HDL-cholesterol (95%CI: 0.86-0.99 independent of several potential confounding factors. Individuals with HDL-cholesterol in the top tercile (> 55mg/dL had a risk of hypertension halve that those in the bottom tercile (RR = 0.54; 95%CI: 0.33-0.90. Other lipid parameters had no significant effect on the outcome. High HDL-cholesterol showed an independent protective effect on subsequent development of hypertension in the elderly.O objetivo do estudo foi examinar o valor prognóstico de parâmetros lipídicos para a incidência de hipertensão arterial em idosos vivendo na comunidade. A pesquisa incluiu 306 (81% do total pessoas com idade > 60 anos que estavam livres de hipertensão e de doenças cardiovasculares na linha de base do Estudo de Coorte de Idosos de Bambuí. A incidência acumulada em três anos da hipertensão arterial foi de 37.3%. O risco relativo (RR para a incidência da hipertensão diminuiu 0,92 para cada unidade de colesterol HDL (IC95%: 0,86-0,99, independente de vários potenciais fatores de confusão. Indivíduos com colesterol HDL no tercil superior (> 55mg/dL apresentaram metade do risco de hipertensão que aqueles no tercil inferior (RR = 0,54; IC95%: 0,33-0,90. Os outros parâmetros lipídicos não apresentaram efeitos estatisticamente significantes sobre o evento. Valores mais altos de colesterol HDL apresentaram efeito protetor para o desenvolvimento da hipertensão em idosos.

  1. Pacientes com astigmatismo submetidos à cirurgia de catarata: LIO tórica x LIO asférica?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Emilio de Almeida Torres Netto

    2013-08-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Comparar a acuidade visual dos pacientes que foram submetidos à facoemulsificação com implante de LIO AcrySof® tórica versus LIO AcrySof® IQ e avaliar a redução da dioptria cilíndrica (DC pós-operatória. MÉTODOS: Estudo analítico retrospectivo de 149 olhos submetidos à cirurgia de catarata por facoemulsificação, com astigmatismo ceratométrico regular, simétrico, com 1 dioptria ou mais. Foram divididos em dois grupos. O grupo tórica com 85 olhos e o grupo não tórica com 64 olhos. No pré-operatório foram avaliados dados topográficos do olho a ser operado e refração. No período pós-operatório foram revisados dados da refração e acuidades visuais com e sem correção. RESULTADOS: O astigmatismo corneano pré-operatório variou de 1,00 a 5,6 DC em ambos os grupos, sendo que no grupo tórica houve redução média de 1,37 DC (p<0,001, quando comparado ao refracional. O grupo não tórica apresentou redução média de 0,16 DC (p=0,057. Com relação a acuidade visual sem correção (AVSC, o grupo tórica apresentou 44 olhos (51,7% com AVSC de 0 logMAR (20/20 ou 0,1 logMAR (20/25, e o grupo não tórica apenas 7 olhos (10,93% com estas mesmas AVSC. DISCUSSÃO: Ficou bem evidenciado que os pacientes com astigmatismo ceratométrico significativo apresentam benefício visual com o implante de LIO tórica. A diminuição do uso de auxílios ópticos para distância pode ser possível a partir do momento que conseguimos corrigir com melhor precisão as aberrações do olho humano. Na atualidade, a facoemulsificação passou a ser além de uma cirurgia para restabelecimento funcional, um procedimento refracional.

  2. Retratos de autópsias Psicossociais sobre suicídio de idosos em Teresina

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Selena Mesquita Teixeira Sérvio

    Full Text Available O desígnio da presente pesquisa consiste em analisar os fatores psicossociais que perpassaram o suicídio de idosos em Teresina, por meio de uma investigação retrospectiva dos aspectos da vida do suicida antes do autoextermínio e da reconstituição dos fatores de risco para o suicídio. Trata-se de uma pesquisa de natureza qualitativa, descritiva e exploratória. Foram construídas autópsias psicossociais de cinco casos de suicídios de idosos ocorridos no período de 2004 a 2009. Esse método reúne três tipos de informação: ficha de identificação pessoal e social, genograma e entrevista semi-estruturada. A coleta foi viabilizada pelo relato de cinco sujeitos, familiares e parentes próximos ao idoso. O material obtido passou por três etapas: pré-análise, análise qualitativa e síntese analítica. Desse modo, os principais fatores de risco associados ao suicídio desses idosos foram: depressão, transtornos mentais graves, estigma referente ao envelhecimento, alcoolismo, automutilações, impulsividade, relações afetivas fragilizadas e história de vida marcada por eventos trágicos.

  3. Itinerários de cura e cuidado de idosos com perda auditiva Routes of healing and care of elderly individuals with hearing loss

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Josiane Cristina Scheffer

    2009-09-01

    Full Text Available A perda auditiva é um dos problemas de saúde que mais limitam a qualidade de vida da crescente população idosa do país e, como em outras situações de doença, buscam-se diferentes formas de solucionar o problema, envolvendo ou não os serviços de saúde formais. Este estudo qualitativo-exploratório visou compreender os itinerários de cura e cuidado de um grupo de idosos com perda auditiva. Realizamos entrevistas semiestruturadas com sujeitos com prescrição médica para uso de Aparelho de Amplificação Sonora Individual (AASI e que frequentavam um grupo de apoio a idosos em um serviço de audiologia. Os dados foram apresentados em duas categorias de análise: 1 A percepção da perda auditiva pelos sujeitos e seus familiares; 2 Itinerários de cura e cuidado. Os relatos apontaram as implicações negativas da perda auditiva no convívio com seus familiares. Observamos a busca de soluções nos setores informal, popular e profissional. Em todas as situações, os sujeitos relataram a busca da "cura", não encontrada em nenhum desses setores. No setor profissional, receberam indicação do AASI como única "solução". Identificamos a dificuldade de acesso ao tratamento indicado e a falta de apoio e acompanhamento após a aquisição do AASI. Como aspectos positivos, houve a participação no grupo de idosos e uma estratégia que propiciou acolhimento, compreensão da doença e adesão ao tratamento. Compreender o problema de saúde a partir da forma como o idoso vê sua doença pode melhorar a comunicação entre profissional de saúde e paciente, essencial em qualquer encontro no sistema de saúde.Hearing loss is one of the greatest problems affecting the health quality of the constantly growing elderly population in Brazil. When it occurs, as in other disease situations, people seek for different solutions, whether they lie in professional health care or not. This qualitative study aimed to understand the routes of healing and care

  4. A realidade da saúde bucal do idoso no Sudeste brasileiro The reality of the oral/dental health of the elderly in the Brazilian Southeast

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Carolina de Assis Simões

    2011-06-01

    Full Text Available Este trabalho teve como objetivos descrever as alterações manifestadas nas estruturas bucais decorrentes do envelhecimento e verificar, através da produção científica nacional, com ênfase na Região Sudeste, os problemas bucais prevalentes nos idosos. Foi realizada uma revisão de literatura abordando a temática envelhecimento no contexto da odontologia. Os resultados apontaram que a população idosa é o segmento populacional que mais cresce. Os problemas bucais prevalentes nessa faixa etária são as cáries radiculares e a doença periodontal, que contribuem para a grande maioria das extrações dentárias. Na Região Sudeste do Brasil, o uso de prótese é baixo quando comparado à alta taxa de edentulismo e ao percentual de idosos parcialmente dentados; o valor do índice CPOD é alto e os idosos apresentam uma percepção positiva sobre seus dentes, apesar de os problemas bucais terem impacto negativo nas suas vidas. Conclui-se que a incorporação do cirurgião-dentista na equipe de saúde das instituições e a sistematização das práticas de higiene bucal são necessidades reais, além da necessidade de um trabalho continuado de orientação para o cuidado da saúde bucal do idoso. É também fundamental a ampliação do estudo nessa área, visando qualificar a atenção e o tratamento odontológico para esses indivíduos.The scope of this work was to describe the alterations revealed in oral/dental structures resulting from ageing and to verify, through the national scientific production, with emphasis on the Southeastern region, the prevaling oral/dental problems in the elderly. A review of the literature on the theme of ageing in the context of dentistry was conducted. The results pointed to the fact that the elderly population is the fastest growing population segment. The prevailing oral/dental problems in this age bracket are radicular caries and periodontal illness, which contribute to the vast majority of dental

  5. Nutritional status of adults and elderly patients admitted in an university hospital Perfil nutricional de pacientes adultos e idosos admitidos em um hospital universitário

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nathálie Crestani

    2011-12-01

    ndice de Massa Corporal (IMC e a Avaliação Subjetiva Global (ASG, que classifica o paciente em três categorias: bem nutrido (A, moderadamente ou suspeita de ser desnutrido (B ou gravemente desnutrido (C. Os dados (ASG, IMC e condição primária foram coletados a partir de informações dos formulários de avaliação nutricional preenchidos na rotina assistencial, aplicados em até setenta e duas horas após a interação do paciente. Esse estudo foi aprovado pela Comissão Científica e pelo Comitê de Ética em Pesquisa da PUCRS. Resultados: O estudo incluiu 32 adultos e 36 idosos (n=68. Em relação à ASG, 46,9% dos adultos foram classificados na categoria A e 53,1% na categoria B. Entre os idosos, 25% foram classificados na categoria A e 75% na categoria B. O IMC apontou 37,5% dos adultos como eutróficos e 62,5% como sobrepeso e/ou obesidade; os idosos apresentaram 50% de eutrofia, 36,1% de sobrepeso e 13,9% de baixo peso. Conclusão: O perfil nutricional dos pacientes estudados foi caracterizado pela alta prevalência de risco nutricional e sobrepeso/obesidade concomitantes nos dois grupos estudados. Esta realidade parece traduzir, em nível hospitalar, a situação de transição nutricional vivida em nosso país na atualidade. Os resultados evidenciam a importância da utilização de mais de um método de triagem nutricional em pacientes internados em unidades hospitalares, para obter-se maior precisão na avaliação.

  6. Identification of fungi species in the onychomycosis of institutionalized elderly Identificação de espécies fúngicas nas onicomicoses do idoso institucionalizado

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cidia Vasconcellos

    2013-06-01

    tecido lesado, sendo causadas por dermatófitos, leveduras ou fungos filamentosos. OBJETIVO: O objetivo é isolar e identificar os agentes das onicomicoses em idosos institucionalizados. MÉTODO: A identificação dos fungos baseou-se nos resultados combinados do exame micológico, isolamento em cultura e da observação de microculturas sob microscopia de luz, do material subungueal e escamas interdigitais, coletado de 35 idosos com suspeita clínica de onicomicose e de um grupo controle (9 idosos com espaço interdigital e unhas saudáveis. Ambos os grupos eram institucionalizados em duas casas de assistência em São Bernardo do Campo, SP, Brasil. RESULTADOS: As unhas raspadas apresentaram 51,40% de positividade. Os dermatófitos foram encontrados em 44,40% de isolados, sendo 27,78% identificados como Trichophyton rubrum e 5,56%, cada, como Trichophyton tonsurans, Trichophyton mentagrophytes e Microsporum gypseum. O segundo grupo mais frequente (38,89% foi o de leveduras, identificadas como 16,67% Candida guilliermondii, 11,11% Candida parapsilosis, 5,56% Candida glabrata e 5,56% Trichosporon asahii. Um terceiro grupo exibia 16,70% fungos filamentosos, como Fusarium sp, Aspergillus sp e Neoscytalidium (5,56% de cada. Os raspados interdigitais exibiram positividade de 14,29%. Os agentes foram coincidentes com os fungos que causaram a onicomicose. No grupo controle, a Candida guilliermondii foi identificada no espaço interdigital em apenas uma pessoa. CONCLUSÃO: Empregando-se a combinação destes métodos de identificação, não houve diferença entre a etiologia da onicomicose dos idosos institucionalizados daquela relatada na literatura para a população em geral.

  7. Audição e percepção da perda auditiva em idosos Hearing and perception of hearing loss in elderly people

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria da Glória Canto de Sousa

    2009-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a audição e a percepção dos indivíduos idosos sobre a sua condição de audição. MÉTODOS: Foi desenvolvida uma pesquisa descritiva e exploratória, tendo como sujeitos 40 alunos, sendo 34 do sexo feminino e seis do sexo masculino, com idades variando entre 61 e 88 anos, de uma Universidade Aberta à Terceira Idade, localizada na cidade do Salvador, na Universidade do Estado da Bahia. Para avaliação dos sujeitos foi aplicado o Inventário Auditivo para Idosos - IAPI e realizado o exame audiométrico. A análise dos dados foi feita a partir das variáveis: sexo, faixa etária e pela computação das respostas dadas pelos indivíduos ao Inventário Auditivo para Idosos. RESULTADOS: Dos idosos 37,5% apresentaram audição normal e 62,5% perda auditiva, sendo 30% perda auditiva assimétrica e 32,5% simétrica. Dos 25 sujeitos com perda auditiva, apenas 3 (12% tiveram percepção da mesma com um IAPI superior a dez pontos e 22 (88% com uma pontuação inferior a dez. Quanto ao sexo, 8% de homens e 4% de mulheres tiveram uma pontuação superior a dez no IAPI; 16% dos indivíduos do sexo masculino e 72% do feminino apresentaram pontuação inferior a dez. Houve um predomínio da configuração audiométrica do tipo descendente em 88% dos sujeitos. CONCLUSÃO: A maioria dos sujeitos estudados era portadora de perda auditiva, sendo que, quanto maior a idade, maior esta deficiência. Proporcionalmente, a perda auditiva ocorreu mais em homens do que em mulheres, mas poucos percebem a sua existência.PURPOSE: To evaluate the hearing of elderly individuals and their perception regarding their hearing condition. METHODS: A descriptive and exploratory research was developed using as subjects 40 students from a University for the Third Age located in Salvador, Bahia (Brazil, being 34 female and 6 male, with ages ranging from 61 to 88 years. The evaluation used the Hearing Handicap Inventory for Elderly - HHIE, and an audiometric

  8. Desempenho de idosos com presbiacusia em tarefas de controle inibitório Performance of elderly individuals with presbycusis in tasks involving inhibitory control

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Lúcia Pires Afonso da Costa

    2012-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar o desempenho de idosos em tarefa não verbal ligada a funções executivas, a fim de verificar a hipótese de que idosos usuários de próteses auditivas obteriam escores mais altos do que idosos não usuários de próteses na tarefa proposta. MÉTODOS: A tarefa Simon, administrada individualmente em um laptop com o software e-prime, foi utilizada para mensurar aspectos ligados a funções executivas por meio de uma condição controle e duas condições de teste. Na condição controle, os estímulos - quadrados coloridos - eram apresentados no centro da tela. As condições de teste subdividiam-se em condições laterais congruentes - estímulos posicionados no mesmo lado da tela em que a tecla do computador a ser selecionada para a resposta - e laterais incongruentes - em que os estímulos aparecem no lado da tela oposto ao da tecla a ser selecionada. A diferença de tempo de reação entre as condições congruente e incongruente é chamada de efeito Simon. Os idosos foram agrupados em três grupos: um grupo controle de indivíduos com audição normal; indivíduos com presbiacusia, usuários de próteses auditivas; e indivíduos com presbiacusia não usuários de próteses auditivas. RESULTADOS: A análise estatística apontou diferença entre o grupo sem perda auditiva (controle e o grupo de não usuários de prótese auditiva somente no tempo de reação (TR na condição controle. Nas demais comparações não foram encontradas diferenças. CONCLUSÃO: A hipótese levantada não foi corroborada, o que aponta a necessidade de utilização de novos métodos exploratórios de observação dos fenômenos estudados.PURPOSE: To evaluate the performance of elderly individuals in a non-verbal task related to executive functions, in order to verify the hypothesis that elderly hearing aid users would obtain higher scores in the proposed task than elderly non-hearing aid users. METHODS: The Simon task, administered individually on

  9. Efeito de um programa de treinamento da memória de trabalho em adultos idosos Effect of a working memory training program in older adults

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tânia Maria Netto

    2013-01-01

    Full Text Available Este estudo objetivou examinar os efeitos de um Treinamento da Memória de Trabalho (TMT em idosos saudáveis. Vinte participantes compuseram a amostra final, onze do grupo experimental (TMT e nove do controle (socialização. Todos foram submetidos a uma avaliação neuropsicológica pré e pós-intervenção. Os encontros foram realizados uma vez por semana, durante três meses. Houve melhora significativa, no grupo experimental, em atenção concentrada, aprendizagem, memória de curto prazo e episódica, e no grupo controle, em um menor número de variáveis, na atenção concentrada e memória episódica. O TMT parece ter promovido efeito de transferência, principalmente na memória episódica, que é relacionada diretamente aos subsistemas da memória de trabalho (MT, sugerindo que o TMT pode ser útil no contexto da neuropsicologia do envelhecimento.The present study examined the effects of a Working Memory Training (WMT in healthy elderly. Twenty participants comprised the final sample, eleven from the experimental group (WMT and nine from the control group (socialization. Every subject underwent a neuropsychological evaluation pre and post-intervention. The meetings were held once a week, for three months. Results indicated that subjects in the experimental group improved cognitive functions related to concentrated attention, learning, short-term and episodic memory. Subjects in the control group also demonstrated, in a smaller number of variables, improvement in concentrated attention and episodic memory. WMT seems to have generated a transfer effect, especially to episodic memory, which is directly related to the subsystem of working memory (WM, suggesting that WMT may be useful in the context of the neuropsychology of aging.

  10. Depressão em idosos portadores de insuficiência renal crônica em tratamento hemodialítico Depresión en personas ancianas con insuficiencia renal crónica en tratamiento de hemodiálisis Depression in the elderly on hemodialysis for chronic renal failure

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rita de Cássia Helú Mendonça Ribeiro

    2009-01-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Caracterizar idosos com insuficiência renal crônica submetidos à hemodiálise em um hospital escola e identificar níveis de depressão na população estudada. MÉTODOS: Trata-se de uma pesquisa descritiva - exploratória, de natureza quantitativa utilizando a Geriatric Depression Scale (GDS e questionário de caracterização populacional, sendo entrevistados 61 pacientes. Na análise dos dados foi utilizado método quantitativo progressivo (porcentagem e correlação de Spearmann. RESULTADOS: A média de idade foi de 69,97±7,51 anos, 57% eram do sexo masculino, 79% de cor branca, 72% eram casados, sendo 26% analfabetos. A média de respostas depressivas foi 10,43±4,37, o que sugere humor normal-levemente deprimido na população em geral. CONCLUSÃO: Houve correlação estatisticamente significativa entre renda mensal familiar e escolaridade (valor p=0, 004 e escore GDS e analfabetismo (p=0,028, mostrando que os analfabetos apresentaram mais respostas depressivas, sugerindo menor capacidade de adaptabilidade/resiliência desses indivíduos à doença e suas implicações.OBJETIVOS: Caracterizar a personas ancianas con insuficiencia renal crónica sometidos a hemodiálisis en un hospital docente e identificar niveles de depresión en la población estudiada. MÉTODOS: Se trata de una investigación descriptiva - exploratoria, de naturaleza cuantitativa en la cual se utilizó la Geriatric Depression Scale (GDS y el cuestionario de caracterización poblacional, siendo entrevistados 61 pacientes. En el análisis de los datos se utilizó el método cuantitativo progresivo (porcentaje y la correlación de Spearmann. RESULTADOS: El promedio de edad fue de 69,97±7,51 años, el 57% era del sexo masculino, el 79% de raza blanca, el 72% era casado, siendo el 26% analfabetos. El promedio de respuestas depresivas fue 10,43±4,37, lo que sugiere humor normal-levemente deprimido en la población en general. CONCLUSIÓN: Hubo correlaci

  11. Fundo Nacional do Idoso: um instrumento de fortalecimento dos Conselhos e de garantia de direitos da pessoa idosa

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alexandre de Oliveira Alcântara

    2013-12-01

    Full Text Available O Fundo Nacional do Idoso, instituído pela Lei Federal n.º 12.213, está sob a jurisdição do Conselho Nacional dos Direitos do Idoso - CNDI, que deve fixar os critérios de sua utilização em Resolução, servindo de parâmetro para os Fundos Municipais, Distrital, e Estaduais. Este artigo relata a experiência e visa a registrar e divulgar como se deu a gestão inaugural deste Fundo que é um potencial instrumento de fortalecimento dos Conselhos e garantia dos direitos de idosos brasileiros. Palavras-chave: Direitos; Fundo Especial; Idoso.

  12. Increasing incidence of hip fracture in Chiang Mai, Thailand.

    Science.gov (United States)

    Wongtriratanachai, Prasit; Luevitoonvechkij, Sirichai; Songpatanasilp, Thawee; Sribunditkul, Siripoj; Leerapun, Taninnit; Phadungkiat, Sompant; Rojanasthien, Sattaya

    2013-01-01

    Hip fracture is a major health problem in Thailand. This study attempted to examine the incidence, related factors, and trends of hip fracture in Chiang Mai, Thailand. All hip fracture data among patients aged 50 yr or older were collected from hospitals in Chiang Mai, Thailand from August 1, 2006 to July 3, 2007. Data from the 1997 Chiang Mai hip fracture study were used for comparison. In the study period, 690 hip fractures were reported: 203 males and 487 females (male to female ratio was 1 to 2.4), with a mean age of 76.7 yr. The estimated cumulative incidence was 181.0 per 100,000, and the adjusted incidence was 253.3 (males: 135.9; females: 367.9). A simple fall was the most common mechanism (79%) of fracture, and 80% of the hip fractures occurred in patients aged 70 yr or older. The highest incidence of hip fracture was observed in patients older than 85 yr (1239). At 6 mo postfracture, most patients (61%) used a walking aid. Compared with the 1997 data, hip fracture incidence had increased by an average of 2% per yr, and the incidence of hip fracture had increased significantly from August 1, 2006 to July 31, 2007, especially in patients older than 75 yr. In patients older than 84 yr, the incidence increased by a factor of 2. Urgent strategies for the prevention and treatment of osteoporosis, and hence hip fracture, are needed. Copyright © 2013 The International Society for Clinical Densitometry. Published by Elsevier Inc. All rights reserved.

  13. Modeling of MAI in UWB System Using MGGD

    KAUST Repository

    Ahmed, Qasim Zeeshan

    2014-01-06

    Multivariate generalized Gaussian density (MGGD) is used to approximate the multiple access interference (MAI) and additive white Gaussian noise in pulse-based ultrawide bandwidth (UWB) system. The MGGD probability density function (pdf) is shown to be a better approximation of a UWB system as compared to Gaussian, Laplacian and Gaussian-Laplacian mixture (GLM). The similarity between the simulated and the approximated pdf is measured with the help of modified Kullback-Leibler distance (KLD). It is also shown that MGGD has the smallest KLD as compared to Gaussian, Laplacian and GLM densities. Finally, a receiver based on the principles of minimum bit error rate is designed for the MGGD pdf.

  14. Miks on Savisaar ja proua Bush Birma kallal / Mai Loog

    Index Scriptorium Estoniae

    Loog, Mai, 1960-

    2007-01-01

    Ilmunud ka: Postimees : na russkom jazõke 29. mai lk. 7. Birma sõjaväeline valitsus otsustas taas pikendada aasta võrra Nobeli rahupreemia laureaadi ja demokraatliku opositsiooni liidri Aung San Suu Kyi 11-aastast koduaresti, mille vastu astusid välja USA senaatorid presidendiproua Laura Bushi juhtimisel kui ka Tallinna linnapea Edgar Savisaar koos Pariisi ja Rooma linnapeadega. Birma hunta plaanitavast konstitutsioonist, kus aatomienergia on pandud riigikaitse ja julgeoleku alla. Venemaa aatomienergia agentuuri Rosatomi lepingust Birma huntaga aatomienergia tootmiseks

  15. Estudo multicêntrico de idosos atendidos em ambulatórios de cardiologia e geriatria de instituições brasileiras Multicenter study of elderly patients in outpatient clinics of cardiology and geriatric brazilian institutions

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cláudia F. Gravina Taddei

    1997-11-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar aspectos epidemiológicos, clínicos e terapêuticos de idosos com doenças cardiovasculares (DCV, no Brasil. MÉTODOS: Idosos com DCV, atendidos em 36 serviços de Cardiologia e Geriatria do Brasil, foram investigados através de questionário aplicado aos que tinham consulta marcada para o período analisado (um mês. RESULTADOS: Estudados 2196 idosos de 65 a 96 anos, sendo 60% mulheres e analisados os fatores de risco: sedentarismo (74%, pressão arterial (PA elevada (53%, LDL colesterol aumentado (33%, colesterol total aumentado (30%, obesidade (30%, HDL-colesterol diminuído (15%, diabetes (13% e tabagismo (6%. Observou-se maior prevalência nas mulheres, com três ou mais fatores de risco. O principal motivo de consulta foi a PA elevada (48%. Teste ergométrico e cinecoronariografia, foram mais solicitados para os homens. Os diagnósticos mais comuns foram hipertensão arterial sistêmica (HAS (67% e insuficiência coronária (ICo (29%. Os medicamentos mais utilizados foram diuréticos (42%. CONCLUSÃO: Foi observada alta prevalência de fatores de risco (93%, principalmente nas mulheres; sedentarismo, como fator de risco mais freqüente, aumentando de prevalência com a idade; HAS, como principal motivo de consulta e diagnóstico; menor investigação e diagnóstico de ICo em mulheres; diuréticos, como os fármacos mais freqüentemente prescritos; insuficiência cardíaca como principal doença associada a internação (31% e atendimento de emergência (10%.PURPOSE: To evaluate epidemiological, clinical and therapeutic aspects of elderly patients with cardiovascular disease in Brazil. METHODS: Elderly patients with cardiovascular disease treated in 36 centers of cardiology and geriatrics were investigated through a questionnaire applied to those who had an appointment during the analyzed period . RESULTS: 2196 elderly patients ranging from 65 to 96 years of age were analyzed, 60% of which were females. The main risk

  16. Mini-Mental State Examination norms in a community-dwelling sample of elderly with low schooling in Brazil Normas do Mini-Exame do Estado Mental para uma amostra de idosos com baixa escolaridade residentes na comunidade no Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jerson Laks

    2007-02-01

    Full Text Available The objective of this study was to assess Mini-Mental State Examination norms of a functionally normal sample of community-dwelling elderly. Illiterate and low-educated subjects who scored less than 5 on the Pfeffer Functional Activities Questionnaire (PFAQ [n = 397; female = 269; mean age = 72.15 (SD = 7.24 years] had the 5th, 25th, 50th, and 75th percentiles calculated according to age (65-74; 75-84 years. Overall MMSE score was 21.97 (SD = 4.48. Mean MMSE for illiterate younger individuals was 19.46 (SD = 3.47, and the quartile distribution was 14, 17, 19, and 21. MMSE of subjects with 1-8 years of schooling was 23.90 (3.87, and the distribution was 15, 22, 24, and 27. MMSE of older illiterate subjects was 18.11 (SD = 3.63, and the distribution of scores was 13, 16, 18, and 20, whereas subjects with 1-8 years of schooling scored 23.81 (SD = 4.01 and the distribution was 15, 22, 24, and 27. These MMSE normative data may help improve the detection of cognitive impairment in Brazil, mainly in the primary clinical setting.Avaliar normas do Mini-Exame do Estado Mental (MEEM de acordo com a idade e escolaridade de idosos vivendo na comunidade. Calcularam-se os quartis do MEEM para idosos com 65 a 74 e 75 a 84 anos, analfabetos e com 1-8 anos de escolaridade, com pontuação menor que cinco no Questionário de Atividades Funcional de Pfeffer (QAF [n = 397; feminino = 269; idade = 72,15 (dp = 7,24 anos].O MEEM total foi 21,97 (dp = 4,48. Nos indivíduos mais jovens, o MEEM entre analfabetos foi 19 (3,47 com quartis de 14, 17, 19, 21. O MEEM dos com 1-8 anos de escolaridade foi 23,90 (dp = 3,87, e a distribuição foi 15, 22, 24, 27. O MEEM dos analfabetos mais idosos foi 18,11 (dp = 3,63 com quartis de 13, 16, 18, 20, enquanto a pontuação dos sujeitos com 1-8 anos foi 23,81 (dp = 4,01, quartis de 15, 22, 24, 27. Os dados de normatização do MEEM podem ajudar o reconhecimento de distúrbios cognitivos no Brasil, principalmente no atendimento primário.

  17. Exercício físico no tratamento e prevenção de idosos com osteoporose: uma revisão sistemática

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcelo Lasmar dos Santos

    Full Text Available INTRODUÇÃO: A atividade física influencia a manutenção das atividades ósseas normais, e por este motivo vem sendo indicada no tratamento da osteoporose. OBJETIVO: Verificar na literatura científica a influência do exercício físico na prevenção e no tratamento da osteoporose em idosos. METODOLOGIA: A presente pesquisa foi sustentada através de revisão sistemática de literatura, com a utilização das bases de dado eletrônicas: LILACS, SciELO e PubMed. Foram utilizados os seguintes descritores na língua portuguesa: osteoporose, exercício físico, idosos, tratamento e prevenção, sendo estes utilizados para pesquisa nas bases LILACS e SciELO; e na língua inglesa, foram utilizados os seguintes: osteoporosis, physical exercise, elderly, prevention e treatment, sendo esta busca realizada na base de dados PubMed. Foram selecionados os resumos que apresentaram critérios iniciais de seleção. RESULTADOS: De um total de 203 artigos encontrados, 27 preencheram os critérios de inclusão e exclusão, sendo que 9 artigos se concentraram no tratamento, 16 na prevenção e 2 no tratamento e na prevenção. Os exercícios que mais se destacaram no tratamento da osteoporose foram os seguintes: exercícios de extensão isométrica de tronco, exercícios em cadeia cinética aberta, coordenação e equilíbrio. Já na prevenção, os mais evidenciados foram: exercícios físicos de alta intensidade, exercícios de alto impacto e exercícios aeróbios. CONCLUSÃO: Pode-se concluir que o exercício físico é dado como fator importante, tanto na prevenção quanto no tratamento do idoso acometido pela osteoporose, e que ele possui especificidades de acordo com o objetivo a ser alcançado.

  18. Big endotelina-1 e óxido nítrico em pacientes idosos hipertensos com e sem síndrome da apneia-hipopneia obstrutiva do sono

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Iara Felicio Anunciato

    2013-10-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: O papel do estresse oxidativo em pacientes idosos hipertensos com síndrome de apneia-hipopneia obstrutiva do sono (SAHOS é desconhecido. Objetivo: O objetivo foi avaliar os níveis de Big Endotelina-1 (Big ET-1 e Óxido Nítrico (NO em pacientes idosos hipertensos com e sem SAHOS moderada a grave. MÉTODOS: Os voluntários permaneceram internados durante 24 horas. Obtivemos os seguintes dados: índice de massa corporal (IMC, Monitorização Ambulatorial da Pressão Arterial (MAPA - 24 horas, e medicação atual. Sangue arterial foi coletado às 7:00 h e às 19:00 h para determinar níveis plasmáticos de NO e Big ET-1. A oximetria de pulso foi realizada durante o sono. A correlação de Pearson, Spearman e análise de variância univariada foram utilizadas para a análise estatística. RESULTADOS: Foram estudados 25 sujeitos com SAHOS (grupo 1 e 12 sem SAHOS (grupo 2, com idades de 67,0 ± 6,5 anos, 67,8 ± 6,8 anos, respectivamente. Não foram observadas diferenças significativas entre os grupos em IMC; no número de horas de sono; PA diastólica e sistólica em 24 h; PA de vigília; PA no sono; ou medicamentos usados para controlar a PA. Não foram detectadas diferenças nos níveis de NO e Big ET-1 plasmáticos às 19:00 h, mas às 7:00 h os níveis de de Big ET-1 foram mais altos (p = 0,03. No grupo 1, correlação negativa também foi observada entre a saturação de oxihemoglobina arterial média e a PA sistólica - 24 horas (p = 0,03, r = -0,44, e Big ET-1 (p = 0,04, r = 0,41. CONCLUSÕES: Na comparação entre idosos hipertensos com e sem SAHOS com PA e IMC semelhantes, observou-se níveis mais elevados de Big ET-1 após o sono no grupo SAHOS. Os níveis de NO não diferiram entre os pacientes hipertensos com ou sem SAHOS.

  19. Polimedicação no idoso La polifarmacia geriátrica Polypharmacy in old age

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mónica Santos

    2010-12-01

    Full Text Available O envelhecimento gradual da população e aumento da prevalência de patologias crónicas, conduzem ao aparecimento de guidelines que implicam polimedicação e recurso a fármacos considerados potencialmente inapropriados para os idosos (embora estando adequados às patologias diagnosticadas. Objectivo: Conhecer a melhor evidência sobre a polimedicação nos idosos. Metodologia: Revisão bibliográfica, utilizando as palavras/expressões-chave: polymedication, polypharmacy, medication, inappropriate, prescription, elderly e older, nas bases de dados “The Cochrane Library”, “Science Direct”, “CINAHL” e “Up to date”; tendo como critérios de selecção a pertinência, metodologia e data de publicação. Resultados: Verifica-se que os idosos, para além de terem alterações fisiológicas que potenciam a adversidade dos fármacos, são também os que mais consomem e que recorrem frequentemente a vários prescritores, factores que influenciam a adesão ao regime terapêutico. O risco de interacção aumenta exponencialmente com o número de fármacos prescrito, estando os idosos institucionalizados em maior risco. Por ano, estimam-se cerca de 140.000 mortes, sendo que, as interacções medicamentosas justificam 50% das urgências hospitalares. Conclusão: Os profissionais de saúde que se centram nos projectos individuais de saúde dos cidadãos estão em posição privilegiada para ponderar/sugerir que fármacos deverão estes iniciar, continuar e/ou interromper, proporcionando o máximo benefício, com menores riscos e custo.El envejecimiento progresivo de la población y el aumento de la prevalencia de enfermedades crónicas lleva a la aparición de pautas que requieren polifarmacia y el uso de medicamentos considerados potencialmente inapropiados para los ancianos (independientemente de adaptarse a las patologías diagnosticadas. Objetivo: Conocer la mejor evidencia sobre la polifarmacia en ancianos Metodología: Búsqueda

  20. Physical activity and depressive symptoms in community-dwelling elders from southern Brazil Atividade física e sintomas depressivos em idosos sul-brasileiros da comunidade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    César L. Reichert

    2011-01-01

    íduos com níveis mais altos de atividade física na amostra como um todo e entre os homens, mas não entre as mulheres (p = 0,04, 0,03 e 0,36, respectivamente. O odds ratio para a presença de sintomas depressivos no grupo muito ativo, quando comparado com o grupo insuficientemente ativo, foi de 0,32 (IC 95%: 0,12-0,86 para homens e 0,76 (IC 95%: 0,39-1,46 para mulheres. CONCLUSÃO: Nesta população de idosos, a atividade física mais intensa está relacionada com uma menor prevalência de sintomas depressivos. Como demonstrado pela estratificação por gênero, a atividade física está inversamente relacionada com sintomas depressivos em homens, mas não em mulheres.

  1. Physical activity and depressive symptoms in community-dwelling elders from southern Brazil Atividade física e sintomas depressivos em idosos sul-brasileiros da comunidade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    César L. Reichert

    2011-06-01

    íduos com níveis mais altos de atividade física na amostra como um todo e entre os homens, mas não entre as mulheres (p = 0,04, 0,03 e 0,36, respectivamente. O odds ratio para a presença de sintomas depressivos no grupo muito ativo, quando comparado com o grupo insuficientemente ativo, foi de 0,32 (IC 95%: 0,12-0,86 para homens e 0,76 (IC 95%: 0,39-1,46 para mulheres. CONCLUSÃO: Nesta população de idosos, a atividade física mais intensa está relacionada com uma menor prevalência de sintomas depressivos. Como demonstrado pela estratificação por gênero, a atividade física está inversamente relacionada com sintomas depressivos em homens, mas não em mulheres.

  2. Fraturas proximais do fêmur em idosos: qual o melhor tratamento? Proximal fracture of the femur on the elderly: what's the best treatment?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lygia Paccini Lustosa

    2009-01-01

    Full Text Available As fraturas proximais do fêmur em idosos representam um sério problema dentro do contexto da saúde pública, devido aos elevados custos econômicos para o tratamento e as suas consequências, assim como pela alta taxa de morbidade e mortalidade. O objetivo desse estudo foi discutir quais os tratamentos mais indicados para esse tipo de fratura, em idosos, por meio de uma revisão da literatura. As bases de dados pesquisadas foram MEDLINE, COCHRANE e PEDro. Os critérios de inclusão foram estudos publicados nos últimos sete anos; nos idiomas português, inglês e espanhol; realizados em seres humanos, sem distinção de gênero e com idade maior que 60 anos; estudos com desenho metodológico de ensaios clínicos, ensaios clínicos aleatorizados e revisões sistemáticas com e sem meta-análise. Foram encontrados sete artigos e após a análise pode se afirmar que não existe um tratamento específico para as fraturas proximais do fêmur em idosos. O tratamento normalmente indicado na maioria dessas fraturas é cirúrgico e requer envolvimento fisioterápico para uma reabilitação adequada. Apesar da dificuldade de comparação entre os estudos, foi observado que uma equipe de profissionais da saúde parece promover uma reabilitação mais efetiva, além de prevenir complicações.The proximal fractures of the femur on the elderly represent a serious problem inside the public health context, because of the high economic costs needed for the treatment and it's consequence, as the high taxes of morbidity and mortality. The goal of this study was to discuss, through a literature revision, which is the most indicated treatment for the proximal fractures of the femur, on the elderly. The researched data bases were MEDLINE, COCHRANE and PEDro. The inclusion criterions were published studies on the last seven years, only on the Portuguese, English and Spanish languages, accomplished on human beings, with no genre distinction and with ages above 60

  3. Relação entre a capacidade funcional e mobilidade com a prática de atividade física em idosos participantes de uma associação = Relationship between mobility and functional capacity with practice of physical activity in elderly participants of an association

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Moraes, Maria Paula Iorio de

    2016-01-01

    Full Text Available Objetivo: Avaliar a relação entre capacidade funcional e mobilidade com a prática de atividade física em idosos participantes de uma associação. Materiais e Métodos: Estudo do tipo transversal, realizado com um grupo de idosos frequentadores de uma Associação localizada no município de Fortaleza/CE. Os dados foram coletados através de um questionário contendo informações pessoais como sexo, idade, nível de atividade física e a ocorrência de quedas no ano anterior. Em seguida, foram avaliadas a capacidade funcional pelo questionário Brazilian Version of Multidimensional Functional Assessment (BOMFAQ e a mobilidade por meio do teste Timed Up & Go (TUG. Para análise dos dados, foram utilizados o teste qui-quadrado e a correlação de Pearson e adotado p<0,05 como valor significativo. Resultados: Participaram do estudo 71 idosos com média de idade de 72,42±7,06 anos, com predomínio do sexo feminino (76,1% sendo que 43,7% afirmaram ter caído nos últimos 12 meses. Não foram encontradas diferenças significativas (p=0,494, quando comparada a prática de atividade física com os escores do BOMFAQ. Já em relação à prática de atividade física e os valores do TUG, foram observadas diferenças significativas (p=0,022, porém, com fraca correlação (r=0,310; p=0,008. Conclusão: Foi evidenciado que os idosos frequentadores da associação apresentaram déficit para realizar atividades comprometendo a capacidade funcional, no entanto, não foram observadas alterações na mobilidade e risco de quedas. Ressalta-se que tais modificações foram mais prevalentes nos idosos que não praticam atividade física

  4. Capacidade funcional de idosos atendidos em um programa do SUS em Belém (PA Functional capacity of the elderly attended in a Unified Health System (SUS program in Belém in the State of Pará

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Izabel Penha de Oliveira Santos

    2013-03-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi avaliar fatores associados à capacidade funcional em idosos atendidos em um programa de saúde pública em Belém (PA. Realizou-se estudo seccional com 259 idosos atendidos no programa Hiperdia/SUS no período de março a julho de 2010. Os idosos foram avaliados pelo teste de desempenho físico modificado, validado no Brasil. Nas análises foram utilizados o teste do qui-quadrado de Pearson, a análise de variância e a regressão. Os idosos tinham em média 68,3 anos (DP ± 6,2 e 71,0% eram do sexo feminino. Após ajustes por variáveis de confundimento, observaram-se maiores chances de pior desempenho no teste entre as mulheres, os mais velhos e os de menor escolaridade, além de queixa de dor no joelho, diagnóstico anterior de catarata e autoavaliação de saúde regular/ruim. A capacidade funcional é um indicador de saúde importante para se identificar precocemente riscos de incapacidade e requerendo uma avaliação periódica, no intuito de se buscar estratégias cuidativas para a manutenção da independência dos idosos.The objective of this study was to evaluate factors associated with functional capacity among the elderly attended in a public health program in Belém in the State of Pará. A sectional study was conducted with 259 elderly people attended in the Hiperdia/SUS program in the period from March to July 2010. The elderly were assessed using the modified physical performance test duly validated in Brazil. Pearson's Chi-square Test, in addition to variance analysis and logistic regression were used for the analysis. The elderly were 68.3 years on average (SD ± 6.2 and 71% were female. After adjustments for conflicting variables, it was seen that there were greater chances of worse performance on the test among women, the older and less educated individuals, and those complaining of knee pain and prior diagnosis of cataracts and fair/bad self-assessment of health. Functional capacity is an

  5. Perfil do idoso dependente de cuidado domiciliar em comunidades de baixo nível socioeconômico de Porto Alegre, Rio Grande do Sul Profile of the elderly individual dependent on home care in low socioeconomic level communities in Porto Alegre in the state of Rio Grande do Sul

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Giovâni Firpo Del Duca

    2012-05-01

    Full Text Available O estudo estimou a prevalência de cuidado domiciliar e identificou o perfil demográfico, socioeconômico, comportamental e de saúde dos idosos dependentes. O delineamento transversal e representativo das comunidades Restinga e Extremo Sul, de Porto Alegre (RS, incluiu 638 idosos. O cuidado domiciliar foi definido pela resposta positiva à questão: "O(a Sr.(a tem alguém aqui na sua casa para cuidar do(a Sr(a?". A prevalência de cuidado domiciliar encontrada foi de 25,4% (IC95%: 22,0; 28,8. Filhos(as e esposos(as foram responsáveis pela maioria do cuidado domiciliar prestado a idosos (40,7% e 37,0%, respectivamente. Homens, indivíduos sem companheiro(a, fisicamente inativos, com idade avançada, menor escolaridade e maior nível econômico, incapacidade funcional e que foram hospitalizados no último ano caracterizaram o perfil do idoso dependente. A alta prevalência de cuidado domiciliar serve de subsídio para políticas públicas destinadas a idosos. Dentre todas as características avaliadas, a incapacidade funcional, esteve mais fortemente associada ao cuidado domiciliar.The scope of this study was to estimate the prevalence of home care and to identify the demographic, socioeconomic, behavioral and health profile of dependent elderly individuals. The cross-sectional and representative delineation of the communities of Restinga and Extremo Sul in Porto Alegre in the State of Rio Grande do Sul included 638 elderly individuals. Home care was defined as a positive answer to the following question: "Do you have someone here in your home to take care of you?" The prevalence of home care was 49.5% (95% CI: 44.5; 54.5. Children and spouses were responsible for the majority of home care (40.7% and 37%, respectively. Men, unaccompanied and physically inactive individuals, of advanced age, lower educational level, higher economic level, functionally disabled and who had been hospitalized in the last year characterized the profile of the

  6. Treinamento resistido para idosos: revisão de literatura

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Socorro Fernanda Coutinho dos Santos

    2017-04-01

    Full Text Available No Brasil, o ritmo de crescimento da população idosa tem sido sistemático e constante e com isso, acredita-se que em 2025, o Brasil será a sexta maior população de idosos no mundo. Visto isso, os rofissionais da área de saúde mostram o quanto à atividade física se apresenta como fator determinante para o bom processo de envelhecimento. Objetivo: realizar uma avaliação da literatura vigente sobre os efeitos do treinamento resistido em pessoas idosas. Método: para produção da compilação deste estado da arte foram realizadas buscas em bibliotecas da área de ciências biológicas, revistas eletrônicas e bases de dados virtuais. Foram encontrados 31 artigos, após analise dos títulos e resumos, 19 artigos foram excluídos. Foram selecionados 12 artigos para serem analisados para confecção do presente trabalho. Resultados: dos artigos encontrados dois (16,67% investigaram os efeitos do treinamento resistido sobre a mobilidade e aptidão física, três (25% buscaram entender o efeito do treinamento resistido de 12 semanas, três (25% analisaram os efeitos do treinamento resistido sobre a mobilidade, equilíbrio e outras aptidões, três artigos (25% investigaram o efeito do treinamento resistido com diferentes intensidades, ordem de exercícios e intervalos e somente um artigo (8,33% investigou sobre o funcionamento do treinamento resistido. Considerações finais: são poucos os estudos que investigam a relação treinamento resistido com patologias decorrentes desse processo. Apesar disso, os resultados encontrados são significativos e constituem um referencial para estudos posteriores desta natureza sobre a população idosa.

  7. Influência da atividade física nos componentes psicomotores em idosos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patricia Espíndola Mota Venâncio

    2016-07-01

    Full Text Available Objetivo: analisar a influência da atividade física nos componentes psicomotores em idosos participantes do UNIATI-UniEvangélica. Método: tratou-se de um estudo de natureza descritiva com abordagem qualitativa, transversal, realizado com 80 idosos, de ambos os sexos, sendo que 60 praticam atividades físicas, 20 musculação, 20 hidroginástica, 20 ritmos, regularmente em um projeto na faculdade UniEvangélica (UNIATI, na cidade de Anápolis-GO e outros 20 sedentários. As informações foram coletadas a partir de testes da ficha de avaliação psicomotora de Rosa Neto,22 os quais avaliam alterações de comportamento mental psicológico e neurológico, controle evolutivo nas áreas da motricidade fina, coordenação global, equilíbrio, esquema corporal, organização espacial e temporal. Resultados: os idosos praticantes de atividades físicas obtiveram melhor desempenho em todos os testes, com diferenças significativas, comparando aos idosos não praticantes, tendo a grande maioria classificado em muito inferior na coordenação global, normal médio no equilíbrio, muito superior na classificação do esquema corporal, normal médio na organização espacial, muito superior na estruturação temporal e normal médio na classificação geral dos aspectos psicomotores, mostrando assim que os idosos praticantes de atividades físicas tem maior desenvoltura em relação às valências físicas e motoras, controle da postura, percepção e manutenção da imagem corporal, um bom equilíbrio, melhor domínio de si próprio fisicamente, socialmente e psicologicamente. Considerações finais: a prática de musculação, hidroginástica e ritmos influencia na melhora e manutenção dos componentes psicomotores, obtendo assim uma maior desenvoltura da coordenação global, esquema corporal, equilíbrio, organização espacial e temporal, na qual os idosos sedentários não obtiveram bons resultados.

  8. Avaliação imediata da troponina I cardíaca em pacientes submetidos à revascularização do miocárdio

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    LEAL João Carlos F.

    1999-01-01

    Full Text Available O presente trabalho foi desenvolvido com o objetivo de determinar o comportamento evolutivo imediato e o valor prognóstico em termos de sobrevivência tardia, da dosagem sérica de troponina I em pacientes submetidos a operações cardíacas para revascularização miocárdica. Foram analisados 108 pacientes, não selecionados, sendo 85 (78,7% do sexo masculino, submetidos à operação de revascularização do miocárdio com ou sem auxílio de circulação extracorpórea, no período de dezembro de 1996 a dezembro de 1997. O método empregado na dosagem da troponina I foi o da Quimioluminiscência, em equipamento Acess da Sanofi-Pasteur. Foram feitas dosagens no pré-operatório, logo na chegada na Unidade de Terapia Intensiva, no primeiro e no segundo dia de pós-operatório, adquirindo-se como normais valores abaixo de 0,1 nanogramas por mililitro (ng/ml. Foram estabelecidos níveis de corte para avaliação prognóstica. Os pacientes foram avaliados pós-operatoriamente, registrando-se a evolução em meses, com vistas à determinação das taxas de sobrevivência. A dosagem de troponina I em pacientes submetidos a operações de revascularização miocárdica mostrou comportamento evolutivo agudo característico, com importante elevação dos níveis séricos no primeiro dia de pós-operatório. Pacientes operados com auxílio de circulação extracorpórea (CEC mostraram níveis significativamente mais elevados, mas não houve correlação com tempo de isquemia ou tempo de CEC, sugerindo que a elevação da troponina I seja decorrente de sofrimento miocárdico específico (obstrução coronária, oclusão de ponte, etc. e não decorrente da CEC propriamente dita. Foi ainda possível determinar que os níveis de corte estabelecidos separam pacientes com mau prognóstico, uma vez que valores acima de 2,5 ng/ml no primeiro dia de pós-operatório levaram a taxas de mortalidade de 33% a 50% em tempo máximo de seis meses de seguimento. A

  9. População dos Estados da região Sul do Brasil e o compromisso social da enfermagem com o idoso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria de Lourdes de Souza

    1983-06-01

    Full Text Available Os autores apresentam considerações teóricas acerca de questões sociais do envelhecimento individual e populacional. Estabelecem comparações entre os grupos etários de menores de 20 anos e maiores de 60 anos, da população do Brasil, destacando os Estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná. Referem os conceitos que fundamentam a assistência de enfermagem e criticam sua prática na assistência ao idoso. Concluem que a enfermagem deve participar do processo de educação social, buscando maior valorização do ser humano em idade avançada. Consideram ainda, necessária a reavaliação da prática da enfermagem, de modo que a assistência não seja mais um instrumento de anulação do ser humano em idade avançada e sim, favoreça a libertação dos mitos impostos pela sociedade.

  10. RELAÇÃO ENTRE O ESTADO PSICOSSOCIAL DO CUIDADOR INFORMAL E O TEMPO DE CUIDADO DOS IDOSOS DA REGIÃO CENTRO DE PORTUGAL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ricardo Pocinho

    2017-06-01

    Full Text Available O papel desempenhado pela família e cuidadores no tratamento dos idosos é essencial para a promoção e manutenção da sua qualidade de vida, garantindo a sua manutenção do domicílio por um período de tempo mais alargado. Objetivo: Compreender a existência da sobrecarga do cuidador informal e os fatores associados (apoio disponíveis e perfil, bem como estudar o estabelecimento relacional entre o tempo e a sobrecarga. Metodologia: Um questionário de dados sociodemográficos e QASCI (Questionário de Avaliação da Sobrecarga do Cuidador Informal aplicado a 30 cuidadores da região centro de Portuga. Resultados: São caraterísticas do perfil do cuidador, 45 anos, casado, existência de coabitação e razões relacionadas com o dever e a ligação emocional subjacente.

  11. Epidemiologia das lesões traumáticas de alta energia em idosos Epidemiology of high-energy trauma injuries among the elderly

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Márcio Katz

    2008-01-01

    Full Text Available O aumento proporcional de idosos na população mundial associado à melhoria nas condições de saúde e suporte preventivo para essa faixa etária, permite forma de vida mais ativa, expondo-os a risco mais elevado de acidentes e traumas de alta energia. Esses pacientes têm características fisiológicas, doenças associadas, padrão comportamental e complicações pós-operatórias que levam a resposta sistêmica diferente dos demais grupos etários. Esse trabalho avaliou prospectivamente 28 pacientes com idade superior a 65 anos - 16 mulheres e 12 homens. O mecanismo de trauma mais prevalente foi atropelamento, resultando principalmente, em fraturas dos membros inferiores. O tempo de internação foi superior ao de pacientes de faixas etárias inferiores e 90% dos casos apresentaram algum tipo de complicação clínica após a osteossíntese. A idade age isoladamente como fator preditivo positivo para tais complicações no paciente politraumatizado. As doenças prévias e a idade dos doentes não influenciaram o desenvolvimento de complicações ortopédicas. As lesões associadas às fraturas apresentaram correlação com o mecanismo de trauma. Estes pacientes normalmente precisam ser operados para tratamento definitivo de suas fraturas. O fato de serem mais idosos e apresentarem doenças anteriormente ao acidente não aumenta o período pré-cirúrgico.The increasing proportion of elderly people in the world's population, together with improvements in their health status and the preventive support for this age group, have allowed them to have more active lifestyles, which have exposed them to higher risks of high-energy accidents and trauma. These patients have physiological characteristics, associated diseases, behavioral patterns and postoperative complications that lead to different systemic responses from those on other age groups. This study prospectively evaluated 28 patients aged over 65 years - 16 women and 12 men. The most

  12. Preditores cardiovasculares da mortalidade em idosos longevos Cardiovascular mortality predictors in the oldest old

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Pedro Marafon

    2003-06-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho é investigar a associação entre fatores de risco e morbidade cardiovascular com mortalidade em idosos longevos. Noventa e um por cento da população com idade ³ 80 anos (n = 193 de Veranópolis, Rio Grande do Sul, no ano de 1996, foram avaliados para a detecção de fatores de risco e morbidade cardiovascular. Acompanhou-se esta população durante 3 anos e registraram-se os casos de óbitos. Os dados foram analisados por análise univariada e multivariada por regressão logística. Ocorreram 41 (21% óbitos (20 homens e 21 mulheres. As mortes foram distribuídas ao longo do período estudado como se segue: 3 (7,3% no primeiro ano, 8 (19,5% no segundo ano e 30 (73,2% no terceiro ano. Observou-se associação significativa de óbito com as seguintes características: pressão arterial diastólica (PAD, colesterol total (CT, LDL-C, ApoA-I, acidente vascular encefálico prévio (AVC, bloqueio do ramo direito (BRD e hipertrofia ventricular esquerda (HVE ao ECG. Os sobreviventes apresentaram níveis mais elevados de PAD, CT, LDL-C e ApoA-I. AVC, BRD e HVE. A análise multivariada mostrou que as variáveis eram fatores de risco independentes. Os fatores de risco cardiovascular parecem atuar de forma diferenciada em longevos.This article investigates the association between cardiovascular risk factors and cardiovascular morbidity and mortality in the oldest old. In 1996, 91% of the population ³ 80 years of age from Veranópolis, Rio Grande do Sul State, Brazil, were evaluated to detect cardiovascular risk factors and morbidity. The sample was followed up for three years, with the assessment of deaths. The analysis was done using univariate statistics and multivariate logistic regression analysis. There were 41 deaths (21%: 20 men and 21 women. Deaths were distributed by year as follow: 03 (7.3% in the first year, 08 (19.5% in the second, and 30 (73.2% in the third. There was a significant and independent association

  13. Second hip fractures at Chiang Mai University Hospital.

    Science.gov (United States)

    Wongtriratanachai, Prasit; Chiewchantanakit, Siripong; Vaseenon, Tanawat; Rojanasthien, Sattaya; Leerapun, Taninnit

    2015-02-01

    Hip fractures are a major public health problem. Patients who have suffered a hip fracture have an increased risk of a subsequent hip fracture. This study examines the incidence ofsecondhip fractures and attempts to identify underlying risk factors. To examine the incidence ofsecond hip fractures in osteoporotic patients at Chiang Mai University Hospital and to identify risk factors related to second hip fractures. A retrospective review was conducted of all low-energy mechanism hip fracture patients admitted during 2008 and 2009. Analysis of second hip fractures was conducted using survival analysis and logistic regression analysis. A total of 191 patients were observed for 391.68 person-years (mean 2.05 person-years per patient). Among that group, nine second hip fractures were identified, an overall incidence rate of 0.023 second fractures per person-year. Second hip fractures tended to occur within the first year following an initial hip fracture. There were no significant differences related to either gender or comorbid medical conditions. Logistic regression analysis revealed that increased risk of a second hip fracture was associated with age (highest between 80 to 89 years) and patients who were not treated for osteoporosis following their initial fracture. The incidence of second hip fractures at Chiang Mai University Hospital was 0.023 per person-year Careful follow-up of older patients, especially those over 80, and treatment ofosteoporosis with bisphosphonate plus vitamin D and calcium supplements was correlated with a reduction in the incidence of second hip fractures.

  14. Advanced Nuclear Applications in Medicinr at Chiang Mai University

    International Nuclear Information System (INIS)

    Vilasdechanon, Nonglak

    2015-01-01

    The atomic energy applications in Faculty of Medicine, Chiang Mai University (CMU) are mainly performed by department of Radiology that is divided into three dicisions: 1) Diagnostic Radiology Division for the applications of X-rays, ultrasound, and magnetic resonance, 2) Therapeutic Radiology and Oncology Division for cancer treatments by photon accelrator and external radionuclides therapy or brachytherapy, 3) Nuclear Meddicine Division for clinical dignosis by using radionuclide scintigraphy, targeted molecular imaging and internal radionuclide therapy. In the last decade, many advanced medical images for clinical diagnosis included of digital & computed radiology (DR & CR), digital subtraction angiography (DSA) and images (DSI), computed tomography (CT) with dual X-rays energies, manetic resonance imaging (MRI), and hybrid images of SPECT/CT were established in Radiology Department and PET/CT Cyclitron Center Chiang Mai University (PCCMU), respectively. For cancer treatments, the frontier technologies in radiation oncligy therapy such as tomotherapy, IMRT, 3D conformal radiation treatment, stereotactic radiationtherapy (SRT), stereotactic radiation surgery (SRS), and radiation biology laboratory were implemented in the department as well. As far as fast development of nuclear technology in medicine, future implementation of advanced nuclear applications in medicine strongly need an intergrated knoowledge from many specialties e.g. computer softeare in image reconstruction, accuracy and and precision technology, production of specific radiotracers for molecular imaging and therapy, techniques in radionuclide productions, innovation of new wquipment or materials for radiationprotection and safety, etc. However the most important factors of nuclear applications in medicine are the vision, mission and the value statements of the organization on the high cost in radiology investment and human resources development. We have to emphasize that people who are involved

  15. Alimentação e diabetes mellitus: percepção e consumo alimentar de idosos no interior de Pernambuco

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Andressa Gomes Barbosa

    2015-09-01

    Full Text Available Objetivo: Avaliar o conhecimento sobre alimentação relacionada ao diabetes e identificar fatores que possam interferir na adesão à terapia nutricional e nas escolhas alimentares de participantes de um Centro de Convivência de Idosos em Sairé-PE. Métodos: Estudo quantitativo, transversal e descritivo com 39 frequentadores do referido centro, de julho a agosto de 2014, portadores ou não de diabetes mellitus. Aplicaram-se dois questionários para avaliar dados socioeconômicos, conhecimento alimentar e fatores culturais, e verificar o consumo de alimentos de alto e baixo índice glicêmico. Os dados foram analisados através do Programa Assistat versão 7.0 beta. Resultados: Observou-se que a maioria possui conhecimentos sobre tipos de alimentos que podem influenciar no tratamento de diabetes mellitus, pois 51,2% (n=20 disseram conhecer algum alimento que pode reduzir os riscos de acometimento ou auxiliar no tratamento do diabetes. A maioria disse ter adquirido esse conhecimento por meio de televisão (35%; n=7 e conversa com conhecidos (35%; n=7. Verificando o consumo alimentar, constatou-se maior consumo de alimentos com alto índice glicêmico. Porém, entre os diabéticos, viu-se que os alimentos de baixo índice glicêmico são consumidos mais vezes por semana. Conclusão: Considerou-se adequado o nível de conhecimento em relação à alimentação e diabetes, mas viu-se que fatores socioeconômicos e culturais podem interferir na adesão à dietoterapia ou nas escolhas alimentares dos indivíduos. Contudo, o consumo alimentar se mostrou mais adequado entre os diabéticos.

  16. Perfil de morbidade e de mortalidade de pacientes idosos hospitalizados Morbidity and mortality profile of hospitalized elderly patients

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Claudia Santos Amaral

    2004-12-01

    Full Text Available Os objetivos deste estudo são analisar o perfil de morbi-mortalidade em idosos hospitalizados em dois hospitais universitários e dois não universitários, da Área de planejamento 2.2 da cidade do Rio de Janeiro, Brasil, no ano de 1999, comparando as taxas de mortalidade hospitalar, ajustando para diferenças no perfil. Os dados foram obtidos do Sistema de Informações Hospitalares do Sistema Único de Saúde (SIH/SUS. O modelo logístico foi ajustado incluindo as variáveis idade e diagnóstico primário, utilizado para calcular as taxas de mortalidade hospitalar ajustadas. As internações hospitalares em idosos (n = 7.584 representaram 29,3% do total de 25.928 internações realizadas nessas unidades. Catarata senil (7,8% foi a causa mais freqüente, seguida de hiperplasia de próstata (4,7%, insuficiência cardíaca congestiva (2,9% e bloqueio atrioventricular total (2,8%. Os hospitais não universitários apresentaram taxas de mortalidade hospitalar maiores do que as dos hospitais universitários, mesmo depois do ajuste para diferenças no perfil de casos em relação à idade e diagnóstico principal. O uso dos bancos de dados do SIH/SUS e da metodologia de ajuste de risco representam uma alternativa para avaliações exploratórias de resultados de cuidados de saúde.The objectives of this study were to analyze the morbidity and mortality profile in elderly patients hospitalized in two teaching and two non-teaching hospitals in Rio de Janeiro, Brazil (Municipal Planning Area 2.2 in 1999, and to compare in-hospital mortality rates adjusted for differences in profile. Data were obtained from the National Hospital Database of the Unified National Health System (SIH/SUS. The logistic model included the variables age and primary diagnosis to calculate risk-adjusted in-hospital mortality rates. Hospital admissions of elderly patients (n = 7,584 represented 29.3% of a total of 25,928 hospitalizations that took place in these units. Senile

  17. Cuidadoras informais de Portugal: vivências do cuidar de idosos Informal caregivers in Portugal: experiences of caring for elderly

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria João Fernandes Marques

    2012-06-01

    Full Text Available O cuidador informal surge da necessidade de se cuidar dos doentes e idosos no domicílio, com a função de auxiliar nas medicações, higiene e alimentação sem remuneração. Esse tipo de auxílio suscita sobrecarga física, psicológica e financeira. No âmbito da qualidade do cuidar, salienta-se a necessidade de se olhar e ajudar os cuidadores informais no árduo apoio aos seus doentes, que, na maioria, são idosos. O objetivo deste artigo é apresentar as percepções vivenciadas pelas cuidadoras informais, bem como o reconhecimento, por elas próprias, das sobrecargas que as afetam holisticamente - emocionais, físicas, financeiras -, e a importância de desenvolver estratégias de coping na formação sobre como melhor cuidar. As entrevistadas residem nas regiões Norte e Centro de Portugal e responderam ao inquérito adaptado do The Zarit Burden Interview. As entrevistas foram analisadas com o apoio do software NVivo 8. Os dados obtidos indicam que as cuidadoras informais enfrentam mais sobrecargas físicas e emocionais do que financeiras. No entanto, salientaram que, apesar das dificuldades, gostam de cuidar dos seus familiares. Quanto a serem convidadas para participarem de formações sobre como melhor cuidar, algumas confirmaram o interesse. Verificase que as cuidadoras informais são carentes de uma formação que as capacite a melhor cuidar prevenindo consequências danosas.The informal caregiver arises from the need to care for sick and elderly in their homes with the task of assisting with medications, hygiene and food without payment. This kind of aid raises overhead in physical, psychological and financial. From the quality of care emphasizes the need to look at and assist caregivers in helping hard their patients, which most are elderly. The aim is to present the perceptions experienced by informal caregivers, as well as recognition of the same burdens that affect them holistically: emotional, physical, financial and the

  18. Análise do tempo de ventilação mecânica e internamento em pacientes submetidos a cirurgia cardíaca

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    André Luiz Lisboa Cordeiro

    2017-04-01

    Full Text Available Introdução: Pacientes submetidos à cirurgia cardíaca (CC necessitam de ventilação mecânica invasiva (VMI após o procedimento cirúrgico, sendo que um tempo prolongado de VMI pode levar a um aumento do tempo de permanência na Unidade de Terapia Intensiva (UTI. Objetivo: Verificar se o tempo de VMI interfere no tempo de internação em UTI. Métodos: Foram analisados, prospectivamente, pacientes submetidos à CC e que permaneceram por um tempo inferior a 24 horas na VMI. Foram selecionados 69 pacientes, os quais foram admitidos na UTI e acompanhados até o momento da extubação. Com esse dado encontrou-se o tempo que permaneceram em VMI e, depois, quantos dias permaneceram internados na UTI até o momento da alta da unidade. Resultados: A maior parte dos pacientes submetidos à CC foi do sexo masculino (56,5%; a idade média foi de 55,93±14,29 anos; o tipo de cirurgia mais prevalente foi a revascularização miocárdica (71,0%; o tempo médio de circulação extracorpórea (CEC foi de 65,05±20,06 minutos; o tempo médio de internação na UTI foi de 2,18±1,10 dias; o tempo de VMI foi de 7,32±2,66 horas. Não se verificou significância estatística entre essas duas últimas variáveis com um p=0,43. Conclusão: Pode-se concluir que não houve correlação entre o tempo de ventilação mecânica e tempo de internação em UTI em pacientes que não apresentaram complicações pós-operatórias imediatas e que permaneceram menos de 12 horas sob ventilação mecânica.

  19. A Dynamic Simulation Model of the Management Accounting Information Systems (MAIS)

    Science.gov (United States)

    Konstantopoulos, Nikolaos; Bekiaris, Michail G.; Zounta, Stella

    2007-12-01

    The aim of this paper is to examine the factors which determine the problems and the advantages on the design of management accounting information systems (MAIS). A simulation is carried out with a dynamic model of the MAIS design.

  20. Effects of an aquatic versus non-aquatic respiratory exercise program on the respiratory muscle strength in healthy aged persons Efeitos de um programa de cinesioterapia respiratória desenvolvido em dois meios diferentes - aquático e solo - na força muscular respiratória de idosos saudáveis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maiza Ritomy Ide

    2005-04-01

    causa prejuízos sociais e financeiros. Observa-se uma tendência de que as atenções se voltem à prevenção, menos dispendiosa e socialmente mais viável do que qualquer intervenção terapêutica. OBJETIVO: Analisar os efeitos e a influência do meio em um programa de cinesioterapia respiratória sobre a força muscular respiratória de idosos. MÉTODOS: Completaram o estudo 59 sujeitos entre 60 e 65 anos, cujas pressões respiratórias máximas foram mensuradas previamente à sua randomização em três grupos. O Gágua foi submetido a um programa de cinesioterapia respiratória em ambiente aquático. O Gsolo utilizou o mesmo programa em solo. O Gcontrole funcionou como controle negativo. Os programas foram aplicados três vezes por semanas, por dez semanas consecutivas. Os sujeitos foram reavaliados e os resultados comparados com os obtidos pré intervenção e entre os grupos. A análise estatística utilizou o teste "t" de Student" para amostras pareadas. A comparação entre os grupos foi realizada através da análise de variância paramétrica e não paramétrica. O teste de Dunnett foi utilizado para comparação dos grupos de intervenção em relação ao Gcontrole. RESULTADOS: Observou-se melhora significativa no Gágua em relação ao grupo controle. A PEmáx não sofreu alteração, independente do meio de realização. CONCLUSÃO: A cinesioterapia respiratória realizada em meio aquático melhora a força muscular inspiratória de idosos saudáveis. Entretanto, não influencia a força expiratória máxima.

  1. Vulnerabilidades e risco em saúde: percepção dos idosos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tuanna Agne

    2016-10-01

    Full Text Available Objetivo: conhecer as percepções dos idosos referentes às vulnerabilidades e riscos de saúde a que estão expostos. Método: trata-se de uma pesquisa exploratória descritiva, através de entrevista semiestruturada, composta por uma questão fechada e três questões abertas. Participaram da entrevista 25 idosos, no município de Caxambu do Sul, SC. Resultados: predominou o sexo feminino, faixa etária entre 60 e 69 anos e escolaridade de nível fundamental incompleto. Quanto à percepção dos riscos, o agrotóxico, a aposentadoria insuficiente, distúrbios alimentares e trabalho forçado foram predominantes nas categorias. Todos os participantes referiram ter pelo menos uma doença crônica. Considerações finais: na percepção dos idosos, as vulnerabilidades e riscos à saúde a que estão expostos são: a risco ambiental (agrotóxico; b risco socioeconômico (aposentadoria insuficiente e gasto com medicação; c risco nutricional (distúrbios digestórios; d risco ocupacional (trabalhos forçados. Foi possível perceber que os idosos apresentam uma concepção ampliada de saúde, não a considerando como mera ausência de doenças, mas identificando a influência de diversos aspectos biológicos, psicológicos, sociais, políticos e econômicos relacionados ao risco em saúde.

  2. Diferenças sazonais de quedas e fraturas em idosos gaúchos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Iride Cristofoli Caberlon

    2015-12-01

    Full Text Available Resumo Quedas e fraturas em pessoas idosas representam um problema relevante de saúde pública. Ambas vêm associadas a elevados índices de morbimortalidade, redução da capacidade funcional, institucionalização do idoso e óbito precoce. O objetivo deste estudo foi investigar quedas e fraturas em idosos, residentes em municípios da região metropolitana e serra gaúcha do Rio Grande do Sul, analisando fatores associados, sazonalidade e gravidade. Trata-se de estudo transversal, retrospectivo, descritivo-analítico, quantitativo, com dados secundários, em idosos atendidos por queda entre primeiro de janeiro a 31 de dezembro de 2010, em unidades de Atendimento de Urgência e Emergência do SUS. A amostra foi de 6.556 idosos atendidos por queda, dos quais 71% eram mulheres, 26,8% dos atendimentos ocorreram no inverno, 30% dos que caíram fraturaram, sendo 32% em mulheres contra 28% em homens (p < 0,0001. O local da queda foi registrado somente em 17,2% dos boletins, sendo 58% fora do domicílio. O inverno foi a estação do ano com 34% de fraturas confirmadas (p = 0,0002, sendo 26,3% com gravidade severa. Como a maioria das quedas e suas consequências podem ser prevenidas e evitadas, urge criar programas e ações multifatoriais de intervenção.

  3. Quem irá empurrar minha cadeira de rodas? A escolha do cuidador familiar do idoso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sofia Cristina Iost Pavarini

    2006-12-01

    Full Text Available As relações afetivas e pessoais ao longo da vida podem determinar as relações familiares no processo do envelhecer humano. Este trabalho teve por objetivo avaliar a funcionalidade familiar de idosos pertencentes a um movimento de alfabetização de adultos e identificar quem escolheriam para cuidar deles na velhice. Trata-se de um estudo descritivo e transversal, baseado nos pressupostos do método quantitativo e qualitativo de investigação. Para a avaliação da funcionalidade familiar utilizou-se o Apgar de Família proposto por SMILKSTEIN (1978 e os dados foram analisados estatisticamente segundo medidas de freqüência. Foram avaliados 93 idosos. Para a compreensão da escolha do cuidador foram realizadas entrevistas em profundidade com 9 idosos, sendo três de cada categoria do Apgar. As entrevistas foram analisadas, segundo o Modelo de Análise de Conteúdo, categoria Análise Temática proposta por BARDIN (1977.Todos os cuidados éticos que regem pesquisas com seres humanos foram respeitados. Os resultados do Apgar de família mostram que 81 idosos apresentaram boa funcionalidade familiar, 8 moderada disfunção e 4 elevada disfunção familiar. Os resultados das entrevistas mostram que, nas três categorias do Apgar, a escolha do cuidador foi a mesma no que diz respeito ao gênero (mulher, ao grau de parentesco (filha, à composição familiar (multigeracional, à história de vida e ao relacionamento. “Quem irá empurrar minha cadeira de rodas” é uma escolha determinada por valores sociais e culturais e pela história de vida de cada um. É multideterminada, multivariada e se processa ao longo da vida.

  4. Fatores motivacionais de idosos praticantes do método Pilates

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ricardo Dantas

    2015-06-01

    Full Text Available Objetivo: Avaliar os fatores motivacionais de idosos praticantes do Método Pilates e sua relação com o sexo. Métodos: Estudo quantitativo, transversal, realizado no período de abril e maio de 2014, utilizando amostra por conveniência com 39 idosos, independentemente do sexo, praticantes do Método Pilates em um bairro da zona norte do Rio de Janeiro-RJ. Utilizou-se o “Inventário de Motivação à Prática Regular de Atividades Físicas (IMPRAF-54”, que avalia as dimensões de motivação (“Controle de Estresse”, “Saúde”, “Sociabilidade”, “Competitividade”, “Estética” e “Prazer”. Aplicou-se a estatística descritiva para análise das dimensões. Resultados: Os principais aspectos motivacionais descritos pelos idosos foram “Saúde” (escore bruto médio; mulheres: 34,3(±4,7; homens: 30,3(±5,2, “Sociabilidade” (escore bruto médio; mulheres: 27,8(±10,2; homens: 28,8 (±9,7 e “Prazer” (escore bruto médio; mulheres: 30,8(±7,5; homens: 29,3(±8,3; somente entre os homens o domínio de “Sociabilidade” foi classificado como “motivação alta” (percentil 70, segundo tabelas normativas do instrumento. Conclusão: Fatores relacionados à saúde, sociabilidade e prazer foram determinantes motivacionais entre os idosos avaliados praticantes do Método Pilates.

  5. Colours Convey Lanna Identity in Lamphun and Chiang Mai Area

    Science.gov (United States)

    Raksawin, Karuna; Wonglaksanapan, Arphaphon; Suthasupa, Supagtra

    2017-10-01

    Colour control is a specific tool to identify local environment. Especially in the historic area or conservation area, to promote colour control is very necessary. Therefore, there are many standards of colour to control such as Munsell, colour name, and L*a*b*. This research is aimed to analyze the appropriate colour control by using a Munsell standard colour which is suitable to visual perception. The study area is scoped in northern region of Lanna culture in Thailand which nowadays used names of colours to control. Chiang Mai and Lamphun are selected to be case study because they are in a center of Lanna Empire of Thailand and have many historic significant things such as city wall, temple, monastery, palace, and city moat. The mainly procedure conducts in this article is based on the analysis of material colour. The study chose local natural materials which are used in the historic significant things. Earthen clay tile, wooden roof tile, burnt clay brick, laterites, hard wood, bamboo, silver, and gold are evaluated. The procedure used the DIC application of android processor on smart phone. This application has a conversion data to switch a colour value from pick-up point in photo to many colour values such as RGB, CMYK which Munsell value is included. The photos were taken within the historic area of Chiang Mai and Lamphun by random. The result can scope a range of colours of Munsell standard of natural colour (N), red (R), yellow (Y), and yellow-red (YR). A natural colour (N) can be suggested a range 1.0-9.0 (N 1.0-9.0). Red can be ranged the value between 3.0-7.0 and chroma between 3.0-9.0 (R 3.0-7.0/3.0-9.0). Yellow can be ranged the value between 6.0-9.0 and chroma between 4.0-12.0 (Y 6.0-9.0/4.0-12.0). Yellow-red can be ranged the value between 2.0-8.0 and chroma between 2.0-11.0 (YR 2.0-8.0/2.0-11.0). The results can be revealed a process of colour analysis of historic colour control and may offer to be an ordinance in further.

  6. Hemodiálise: seu significado e impacto para a vida do idoso Hemodiálisis: su significado e impacto para la vida del anciano Hemodialysis: its meaning and impact in the elderly life

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Calíope Pilger

    2010-12-01

    Full Text Available O processo de envelhecimento que antes era restrito aos países desenvolvidos está ocorrendo nos países em desenvolvimento e de modo mais rápido. O surgimento de doenças não transmissíveis pode induzir alterações funcionais com maior intensidade, como a doença renal crônica. O objetivo deste trabalho é compreender o significado da hemodiálise para o idoso renal-crônico e o impacto dessa modalidade terapêutica em sua vida. Tratou-se de um estudo exploratório, de abordagem qualitativa, com entrevista com 22 idosos em tratamento dialítico. Foi utilizado como instrumento um roteiro, contendo perguntas abertas. A análise dos dados foi por meio da análise temática de Bardin. Como resultado, obtemos duas categorias: o significado de ser idoso em tratamento hemodialítico; e o impacto da hemodiálise na vida dos idosos. A pesquisa revelou que a hemodiálise afeta o cotidiano dos idosos, pois causa limitações sociais, envolvendo seu trabalho, hábitos alimentares, culturais, além do impacto na saúde mental.El proceso de envejecimiento que anteriormente se limitaba a los países desarrollados se está produciendo en los países en desarrollo y más rápidamente. La aparición de las enfermedades no transmisibles puede inducir cambios funcionales con mayor intensidad, como la enfermedad renal crónica. El objetivo de este estudio es comprender el significado de la hemodiálisis para los ancianos, la insuficiencia renal crónica y el impacto de esta modalidad de tratamiento en su vida. Este fue un estudio exploratorio, cualitativo mediante entrevistas con 22 ancianos en diálisis. Se utilizó como herramienta de escritura, un guía con preguntas abiertas. El análisis de los datos fue por medio del análisis temático de Bardin. Como resultado, se obtienen dos categorías: el significado de los pacientes ancianos en hemodiálisis, el impacto de la hemodiálisis en pacientes ancianos. La pesquisa reveló que la hemodiálisis afecta el

  7. Autopercepção da saúde e desempenho cognitivo em idosos residentes na comunidade Self-perception of health and cognitive performance in community-dwelling elderly

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniela Helena Machado de Freitas

    2010-01-01

    Full Text Available CONTEXTO: A autopercepção de saúde contempla vários aspectos da saúde física, cognição e capacidade funcional. OBJETIVO: Comparar idosos com e sem evidência de declínio cognitivo/demência quanto a autopercepção de saúde e variáveis sociodemográficas, destacando as variáveis associadas à autopercepção de saúde positiva e negativa dentro destes grupos. MÉTODOS: Noventa e oito idosos residentes na comunidade foram avaliados em visitas domiciliares para este trabalho. A avaliação cognitiva e funcional foi feita por meio da aplicação do Mini-Exame do Estado Mental (MEEM, do Teste do Desenho do Relógio (TDR, da Escala de Demência de Blessed (EDB e do Questionário do Informante de Declínio Cognitivo em Idosos (IQCODE. A autopercepção da saúde foi avaliada por intermédio de um questionário adaptado do Brazil Old Age Schedule. RESULTADOS: Vinte e seis idosos (26% apresentaram quadro de declínio cognitivo. Autopercepção de saúde negativa e menor participação em atividades físicas e recreativas se associaram significativamente a declínio cognitivo nesta amostra (p = 0,006, p = 0,05, p = 0,03, respectivamente. No grupo de sujeitos sem evidência de declínio cognitivo, a história prévia de eventos cerebrovasculares se relacionou à maior frequência de autopercepção negativa da saúde. CONCLUSÃO: A autopercepção negativa da saúde está relacionada ao provável diagnóstico de demência. Nos idosos com declínio cognitivo, a autopercepção positiva de saúde associa-se a quadros mais graves, refletindo possivelmente menor insight quanto ao estado mórbido.BACKGROUND: The self-perception of health can approach several aspects of physical health, cognition and functional abilities. OBJECTIVE: To compare elderly subjects wit and without evidence of cognitive decline in relation to health self-perception and socio-demographic variables, highlighting the variables associated with positive or negative health self

  8. Associação entre déficit visual e aspectos clínico-funcionais em idosos da comunidade Association between visual deficit and clinical-functional characteristics among community-dwelling older adults

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lívia C. Luiz

    2009-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Identificar os fatores funcionais associados com o déficit visual em idosos da comunidade. MÉTODOS: Foram avaliados 96 idosos quanto à acuidade visual por meio da tabela direcional de Snellen e categorizados em relação à baixa visão (acuidade visual 0,3. Os fatores funcionais analisados foram: número de quedas, presença de doenças visuais, saúde mental, pela Geriatric Depression Scale (GDS, funcionalidade nas atividades diárias pelo Brazilian OARS Multidimensional Functional Assessment Questionnaire (BOMFAQ e a mobilidade funcional pelo Timed Up & Go Test (TUG. A análise inferencial foi realizada por meio dos testes Qui-Quadrado, Mann-Whitney e Coeficiente de Correlação de Spearman, considerando α=0,05. RESULTADOS: Apresentaram baixa visão 17,7% (n=17 dos idosos. Em relação aos idosos com visão normal, os idosos com baixa visão apresentaram idade mais avançada (pOBJECTIVE: To identify functional factors associated with visual deficits among community-dwelling older adults. METHODS: Ninety-six older adults were assessed for visual acuity by means of the Snellen Eye Chart and categorized as low vision (visual acuity 0.3. The functional factors analyzed were the number of falls, presence of eye diseases, mental health according to the Geriatric Depression Scale (GDS, functional status in daily activities according to the Brazilian OARS Multidimensional Functional Assessment Questionnaire (BOMFAQ and functional mobility according to the Timed Up & Go Test (TUG. Inferential analysis was performed using the chi-square test, Mann-Whitney test and Spearman correlation coefficient, taking α=0.05. RESULTS: Low vision was found in 17.7% (n=17 of the older adults. Compared to the older adults with normal vision, those with low vision had more advanced age (p<0.001 and more eye and adnexa diseases (p=0.023, higher scores for depressed mood (p=0.002, worse balance in the TUG (p=0.003 and higher numbers of impaired instrumental

  9. Relação entre força de tosse e nível funcional em um grupo de idosos Relationship between cough strength and functional level in elderly

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fábia S. Freitas

    2010-12-01

    Full Text Available CONTEXTUALIZAÇÃO: A força muscular respiratória é influenciada pelo envelhecimento. OBJETIVOS: Avaliar, em uma população de idosos saudáveis, a influência da atividade física e do nível funcional sobre parâmetros da função pulmonar, sobre a força da musculatura respiratória e sobre a tosse. MÉTODOS: Estudo observacional em que foram incluídos 61 idosos com idade igual ou superior a 60 anos (72,3±7,2 anos, com espirometria normal. Foram avaliados: pressão inspiratória máxima (PImax, pressão expiratória máxima (PEmax, pico de fluxo expiratório (PFE, pico de fluxo da tosse (PFT e perfil de atividade humana (PAH. Os idosos foram divididos em dois grupos (ativo e moderadamente ativo classificados conforme o PAH. Utilizou-se o teste t de Student nas análises univariadas e foram desenvolvidos modelos de regressão linear nas análises multivariadas. RESULTADOS: Os idosos ativos apresentaram, em média, 13,5 cmH2O a mais no valor da PEmax (88±21,4 cmH2O e 16,2 cmH2O na PImax (76±17,7 cmH2O, ocorrendo queda, em média, de 1 cmH2O a cada ano nessas variáveis. O PFE e o PFT foram maiores nos idosos do sexo masculino (pBACKGROUND: Respiratory muscle strength is influenced by aging. OBJECTIVES: To assess, in a healthy elderly population, the influence of physical activity and functional performance on the pulmonary function parameters, on respiratory muscle strength and on coughing. METHODS: Observation study that sixty one elderly with age equal or more than 60 years (72.3±7.2 years, with normal spirometry were included. Maximal Inspiratory Pressure (MIP, Maximal Expiratory Pressure (MEP, Peak Expiratory Flow (PEF, Peak Cough Flow (PCF and Human Activity Profile (HAP were evaluated. The elderly were separated in two groups (active and moderately active according to HAP. Student`s test was used for univariate analysis and regression analysis models was used for multivariate analysis. RESULTS: Elderly participants who were

  10. Reconhecimento dos aspectos tacêsicos para o cuidado afetivo e de qualidade ao idoso hospitalizado

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Teresa Cristina Gioia Schimidt

    Full Text Available Verificar os aspectos tacêsicos importantes para serem observados ao tocar o idoso. Estudo de campo, qualitativo e exploratório desenvolvido com 117 graduandos e profissionais de saúde participantes da capacitação em comunicação não verbal em gerontologia. Os resultados revelam que a maioria conseguiu identificar, pelo menos, um fator de atenção que precisa ser respeitado ao tocar o idoso. Os discursos permitiram a construção de nove categorias apontando condições necessárias ao cuidado afetivo e de qualidade prestado no âmbito da tacêsica; quais sejam: autorização para que o toque ocorra; localização do toque; intensidade do toque; condição do idoso; intencionalidade e tipo de toque; duração do toque; sexo e idade de quem toca e quem é tocado; frequência do toque e características das mãos que tocam. O tocar faz parte do cotidiano dos profissionais da saúde e expressa zelo e sentimentos consequentemente, revela a qualidade da assistência prestada.

  11. Dependência para alimentar-se e consumo alimentar em idosos hospitalizados

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Arethusa Sass

    2012-12-01

    Full Text Available O objetivo do estudo foi verificar a associação entre o consumo alimentar e a dependência para alimentar-se em idosos hospitalizados, os quais foram entrevistados nas primeiras 24hs após internação na clínica médica de um hospital geral. Participaram da pesquisa 75 idosos com idade média de 70,9 anos, sendo 58,7% do sexo masculino e 17,3% com dependência para alimentar-se. Não foi evidenciada associação entre dependência para alimentar-se e o consumo de alimentos energéticos e construtores, mas o foi para o consumo dos alimentos reguladores como o alho e cebola (p=0,00 e o de água (p=0,04. Sugere-se a necessidade de orientação nutricional aos cuidadores, visto que a dependência para alimentar-se se associa ao baixo consumo de água entre idosos.

  12. Oficinas de estimulação cognitiva adaptadas para idosos analfabetos com transtorno cognitivo leve

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Izabel Borges dos Santos

    2012-12-01

    Full Text Available Oficinas de estimulação cognitiva para idosos analfabetos com transtorno cognitivo leve é um tema pouco pesquisado. Objetivou-se verificar a autopercepção da memória em idosos analfabetos com transtorno cognitivo leve, antes e após oficinas de estimulação cognitiva, adaptadas para analfabetos. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, realizada na Unidade de Saúde de Taguatinga-DF, envolvendo 63 idosos: 22 no Grupo Experimental (GE, com 10 oficinas; 21 no Grupo Controle 1 (GC1, com 10 palestras; e 20 no Grupo Controle 2 (GC2, sem intervenção. Foram realizadas entrevistas semiestruturadas antes e após intervenções, perguntando-se sobre memória. Aos GE e GC1 foram oferecidas atividades semanais de duas horas. A idade média foi 72,8 anos, 92% do sexo feminino. Na pré-intervenção, 82% haviam piorado memória no último ano. Na pós-intervenção, GC1 e GC2 mantiveram alterações da memória, enquanto GE melhorou cognição. Conclui-se que as oficinas e palestras proporcionaram melhora na funcionalidade e socialização/integração.

  13. Afetividade no processo de cuidar do idoso na compreensão da enfermeira

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Teresa Cristina Prochet

    2012-02-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi descrever, na visão da enfermeira, o significado do cuidado efetivo/afetivo, os fatores de interferência e o aprendizado promovido pela convivência com o idoso hospitalizado, bem como a percepção de sentir-se ou não preparada para cuidar. Estudo qualitativo desenvolvido com enfermeiras de um hospital do interior paulista. Entre as descobertas, identificou-se que o significado sobre a promoção do cuidado efetivo/afetivo envolve o conhecimento do cliente em seu contexto social; extrapola o cuidado técnico e envolve o atendimento das necessidades do cliente. As interferências na convivência com os idosos foram as ligadas à própria condição do idoso, à dinâmica do trabalho e às adaptações ambientais e administrativas. Todas as entrevistadas informaram que, embora se sintam preparadas, percebem a necessidade de estudar melhor a área de geriatria e gerontologia. O cuidado percebido como adequado e de qualidade é o que engloba técnica, conhecimento e o saber conviver com paciência e atenção.

  14. O surgimento do campo da atividade física para idosos no Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Silvio de Cassio Costa Telles

    2015-06-01

    Full Text Available É comum hoje em dia a inserção do idoso brasileiro no rol da prática de atividades físicas. No entanto, até o segundo quartel do século XX, acreditava-se que a prática de atividade física sistemática poderia ser nociva ou mesmo antecipar a morte. Este estudo busca analisar e descrever como surgiu o campo da atividade física para idosos no Brasil. Metodologicamente utilizamos uma pesquisa bibliográfica aliada à Teoria do Campo do sociólogo Pierre Bourdieu (1983, que possibilitou a analogia entre o campo internacional do idoso, que se mostrou precursor, e o campo nacional. Tal relação desenvolveu um novo habitus, que transformou o medo em confiança, a dúvida em certeza, o sedentarismo em dinamismo, a eminência da morte em ampliação da vida, culminando no arquétipo dos “novos velhos” brasileiros.

  15. Comportamento sedentário como discriminador dos transtornos mentais comuns em idosos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paloma Alves dos Santos da Silva

    Full Text Available RESUMO Objetivo Analisar o comportamento sedentário (CS como discriminador dos Transtornos Mentais Comuns (TMC entre idosos. Métodos Estudo transversal com amostra composta por 310 indivíduos idosos, residentes no município de Ibicuí-BA. Foi utilizado um questionário contendo informações sobre características sociodemográficas, inatividade física no tempo livre e questões autorreferidas do tempo gasto sentado em um dia habitual da semana e de um dia do final de semana. Para estimar o ponto de corte do Comportamento Sedentário na discriminação dos TMC, utilizou-se a curva Receiver Operating Characteristic (ROC. Resultados A prevalência de TMC foi de 55,8%, sendo maior entre as mulheres (66,7%. Os maiores valores para a área sob as curvas ROC entre CS e TMC foi para o sexo masculino: CS/dia 0,58 (IC 95% = 0,49-0,67. Os pontos de corte propostos para CS/dia foram: homens: > 330 min/dia; mulheres: > 300 min/dia. Conclusão O comportamento sedentário é um indicador válido para identificação de suspeita de TMC em idosos, mostrando-se ser um fator de risco que deve ser observado pelos profissionais de saúde.

  16. Praticas socioculturais e de cuidado a saude de idosos em diferentes etnias

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jossiana Wilke Faller

    2013-09-01

    Full Text Available OBJETIVO: Identificar práticas de cuidado à saúde e em situação de adoecimento adotadas por idosos de diferentes etnias. METODOS: O Interacionismo Simbólico e a Teoria Fundamentada nos Dados foram utilizados como estratégia teórico-metodológica. Dados coletados de fevereiro a julho de 2011 entre 33 idosos de cinco etnias diferentes, em seus domicílios. RESULTADOS: Os cuidados na saúde envolvem atividade física, alimentação, oração e trabalho, e somente os franceses demonstraram preocupação com isso ao longo da vida. Em situação de adoecimento, a fé e a religiosidade norteiam o cuidado entre os libaneses; a utilização de chás entre os paraguaios; a medicina tradicional associada ao uso de chás entre os franceses, chineses e brasileiros. CONCLUSÃO: As diferentes práticas de cuidado devem ser conhecidas pela enfermagem gerontológica, pois aproximam o profissional do idoso e sua família, permitindo-lhes planejar e implementar ações adequadas a cada situação específica.

  17. Uso de medicamentos contínuos e fatores associados em idosos de Quixadá, Ceará Continuous-use medication and associated factors in the elderly living in Quixadá, Ceará, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gilmar de Oliveira Barros Silva

    2012-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar a polifarmácia (uso diário de dois ou mais de medicamentos contínuos e seus fatores associados em idosos. MÉTODOS: Estudo seccional realizado com idosos residentes em área urbana do município de Quixadá-CE, no período de maio a dezembro de 2009. A amostra compôs-se de 384 indivíduos, com 60 anos ou mais, usuários de medicamentos contínuos. As variáveis estudadas foram as sociodemográficas, econômicas e das características de saúde e referentes ao uso de medicamentos. Para a análise da associação entre a variável dependente polifarmácia de medicamentos contínuos e as variáveis independentes foi elaborado um modelo de regressão logística. RESULTADOS: Os resultados mostram predominância de idosos do sexo feminino, faixa etária entre 60 e 69 anos, casados, ensino fundamental incompleto, sem exercer atividade remunerada, renda familiar de até um salário mínimo, habitando em moradia própria, residindo com até três pessoas. Constatou-se uma prevalência de 70,6% de polifarmácia em idosos, sendo mais elevada no sexo feminino (66,4%. Os fatores associados positivamente ao uso de dois ou mais medicamentos contínuos foram: renda familiar acima de um salário mínimo (OR 2,83; IC95% = 1,54-5,32; duas ou mais condições crônicas autorreferidas (OR 17,71; IC95% = 9,80-31,990 e autopercepção da qualidade de vida regular e ruim (OR 2,85; IC95% = 1,60-5,07. CONCLUSÕES: Constatou-se uma prática de polifarmácia de medicamentos contínuos em idosos com renda familiar superior a um salário mínimo, que apresenta duas ou mais condições crônicas e autopercepção da sua qualidade de vida entre regular e ruim. Situação que remete a questões relativas aos aspectos social, cultural, econômico e de saúde.OBJECTIVE: To analyze polypharmacy (daily use of two or more of continuous use medication and its associated factors in the elderly. METHODS: A cross sectional study conducted with elderly individuals

  18. Revisão sistemática de instrumentos de avaliação de rede de suporte social para idosos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marisa Accioly Domingues

    2013-10-01

    Full Text Available É essencial analisar o suporte social segundo a visão do indivíduo para que seja possível a identificação da composição, da função e da qualidade de cada rede de suporte social. Para tanto, há instrumentos que possibilitam essa compreensão. Com base nesse contexto, objetivamos realizar uma breve descrição sobre os tipos de validação de instrumentos e analisaremos alguns questionários, escalas e gráficos que podem ser úteis durante a avaliação a rede de suporte social dos idosos e que são amplamente utilizados no Brasil e no exterior. Realizou-se levantamento bibliográfico por meio de estratégia de busca com base nos termos: “instruments of social networks”, “instruments of social support”, “elderly and social relations”. E seus correspondentes em português para busca na LILACS. Os resumos dos artigos recuperados foram analisados para verificar o atendimento aos critérios de inclusão e exclusão. A avaliação das relações sociais é cada vez mais necessária, para uma atenção integral à pessoa idosa. O apoio familiar, fonte primeira de atenção ao idoso, está diminuindo acentuadamente, o que nos coloca frente a um grande desafio: estimular o apoio comunitário, para que identifiquemos potenciais recursos de apoio social. Para tanto, faz-se necessária a aplicação de instrumentos que nos permitam a realização de avaliações das relações de apoio, para posterior mobilização da rede social. Os instrumentos apresentados nesse estudo fornecem uma vasta orientação do tipo de ferramenta que melhor se adapta às necessidades do profissional, frente à demanda da pessoa idosa, possibilitando uma escolha adequada a cada situação, colaborando para uma abordagem integradora na área gerontológica.

  19. Estudo comparativo da classificação do grau de perda auditiva em idosos institucionalizados Comparative study for classifying the hearing loss degree in institutionalized elderly

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristhiane Emy Kano

    2009-09-01

    Full Text Available OBJETIVO: comparar os resultados audiológicos de idosos institucionalizados, levando-se em consideração duas classificações distintas. MÉTODOS: foram avaliados 40 idosos de ambos os sexos, com faixa etária superior a 60 anos. Após levantar a história clínica audiológica e de realizar otoscopia, foram obtidos os limares tonais (via aérea e via óssea dos indivíduos, com o uso de audiômetro Eymasa, dentro de cabina acústica. RESULTADOS: demonstraram que a classificação proposta pela Recomendação 02/1 do Bureau International d'Audio Phonologie, foi mais sensível quanto a caracterização da perda auditiva na população idosa. CONCLUSÃO: a classificação utilizada pela Recomentação 02/1 é a que melhor representa o grau de perda auditiva nesta população, uma vez que leva em consideração além das freqüências da fala (500, 1k e 2kHz, a freqüência de 4 kHz para o cálculo da média.PURPOSE: to compare the audiological results for institutionalized elderly, taking into consideration two distinct classifications. METHODS: we evaluated 40 elderly of both genders, over 60-year-old, after assessing the clinical history and conduct of audiological otoscopy, we obtained the pure tone (via air and bone of the individuals, by using the audiometer Eymasa within an acoustic cabin. RESULTS: the classification used by Recommendation 02/1 of Bureau International d'Audio Phonologie, was more sensitive about hearing loss characterization in the elderly population. CONCLUSION: the classification used by Recommendation 02/1, is the one that better represents hearing loss degree in this population, since it takes in consideration in addition to the speech frequencies (500, 1k and 2kHz, the frequency of 4kHz for calculating the mean value.

  20. Estratégias de enfrentamento, dificuldades funcionais e fatores associados em idosos institucionalizados Coping strategies, functional difficulties, and associated factors in institutionalized elderly

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Analise de Souza Vivan

    2009-02-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo é verificar as estratégias de enfrentamento utilizadas pelos idosos em face das dificuldades funcionais e a existência de associação entre o uso das estratégias e variáveis como sintomas depressivos, sexo, escolaridade, idade, estado civil e percepção da saúde. Participaram do estudo 103 idosos institucionalizados, que apresentavam necessidade de assistência em no mínimo uma atividade de vida diária. O delineamento foi transversal, com a utilização dos seguintes instrumentos: Ficha de Dados Pessoais, Escala de Atividades da Vida Diária, Breve Entrevista Internacional de Neuropsiquiatria Modificada, Mini-Exame do Estado Mental, Inventário de Estratégias de Coping e Escala de Depressão Geriátrica. As estratégias de enfrentamento mais utilizadas pela amostra foram a de autocontrole e resolução de problemas. Encontraram-se associações significativas entre as variáveis escolaridade e depressão. Os resultados da pesquisa sugerem que a avaliação das estratégias utilizadas em face de eventos estressores pode auxiliar na análise da situação e na adequação das estratégias escolhidas, ajudando também em processos de mudança no contexto clínico.The aim of this study was to analyze the strategies used by elderly people to cope with functional difficulties, and to investigate a possible association between such strategies and variables like depressive symptoms, gender, schooling, marital status, and self-perceived health. 103 institutionalized elderly individuals participated in the study. They required assistance for at least one activity of daily living. The study was cross-sectional and used the following indicators: Personal Data Chart, Activities of Daily Living Scale, Modified Mini International Neuropsychiatric Interview, Mini-Mental Examination, Coping Strategies Inventory, and Geriatric Depression Scale. The most widely used coping strategies in the sample were self-control and problem

  1. Parental acceptance of HPV vaccines in Chiang Mai, Thailand.

    Science.gov (United States)

    Juntasopeepun, Phanida; Thana, Kanjana

    2018-06-01

    To identify variables associated with the acceptance of HPV vaccination among Thai parents/primary caregivers. The present prospective cross-sectional study recruited the parents/caregivers of female adolescents aged 12-18 years from schools in Chiang Mai, Thailand, between January 1 and February 29, 2016. A four-part questionnaire was distributed to assess demographics, HPV vaccine acceptance, knowledge, and beliefs toward HPV and cervical cancer. Predictors of HPV vaccine acceptance were determined by logistic regression analysis. The study enrolled 331 parents; more than half (195 [61.1%]) had heard of HPV vaccines. Their knowledge related to HPV and cervical cancer was moderate. A majority of parents (266/313 [85.0%]) indicated they would accept HPV vaccination if the costs were subsidized by the government. Acceptance of HPV vaccines was associated with perceived benefits of HPV vaccination (odds ratio [OR] 1.49; 95% confidence interval [CI] 1.18-1.88), perceived susceptibility to disease (OR 1.42; 95% CI 1.11-1.81), and household income (OR 1.35; 95% CI 1.02-1.78). Parental beliefs have an important role in their acceptance to vaccinate their daughters. These potentially modifiable beliefs offer strategies for future interventions designed to increase uptake for future HPV vaccination campaigns. © 2018 International Federation of Gynecology and Obstetrics.

  2. An investigation of cloud base height in Chiang Mai

    Science.gov (United States)

    Peengam, S.; Tohsing, K.

    2017-09-01

    Clouds play very important role in the variation of surface solar radiation and rain formation. To understand this role, it is necessary to know the physical and geometrical of properties of cloud. However, clouds vary with location and time, which lead to a difficulty to obtain their properties. In this work, a ceilometer was installed at a station of the Royal Rainmaking and Agricultural Aviation Department in Chiang Mai (17.80° N, 98.43° E) in order to measure cloud base height. The cloud base height data from this instrument were compared with those obtained from LiDAR, a more sophisticated instrument installed at the same site. It was found that the cloud base height from both instruments was in reasonable agreement, with root mean square difference (RMSD) and mean bias difference (MBD) of 19.21% and 1.58%, respectively. Afterward, a six-month period (August, 2016-January, 2017) of data from the ceilometer was analyzed. The results show that mean cloud base height during this period is 1.5 km, meaning that most clouds are in the category of low-level cloud.

  3. The results of treatment for thyrotoxicosis at Bach Mai hospital

    International Nuclear Information System (INIS)

    Phan Sy An

    2002-01-01

    The authors evaluated the results of treating hyperthyroidism with 131 I. Patient selection for tre treatment is based on clinical features and laboratory test results such as thyroid uptake, scintigraphy and RIA determinations of thyroid hormones. The average dose is 6.2±1.1 m Ci (that is 233.1±40.7 MBq). The average number of doses is 1.3 for one patient. The results are as follows: - Euthyroid status after 4 years follow-up from the 1 31 I dose administration: 72.3 - Persistent or recurrent hyperthyroidism: 20 %. - Hypothyroid complication appears 6 years after the administration of 1 31 I dose: 14 %. So the cumulative hypothyroid rate is: 2.3 % per year. - Serious complications were not observed in any patient. Hyperthyroidism is a common health problem in Vietnam (1). In the past, only antithyroid drugs and surgery were used. 131 I was first introduced to Vietnam in the Nuclear Medicine Department in Bach Mai in 1971 and thereafter widely applied in the country. (Author)

  4. Alocação de referees para avaliar trabalhos submetidos a um congresso de grande porte: modelo e caso ENEGEP

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Flavio Cesar F. Fernandes

    2001-06-01

    Full Text Available Este artigo apresenta uma experiência real de implantação de um modelo de Pesquisa Operacional para realizar a alocação de referees para avaliar trabalhos submetidos a um congresso de grande porte. Utilizando os dados reais do XV ENEGEP (Encontro Nacional de Engenharia de Produção/ I ICIE (First International Congress of Industrial Engineering, foi mostrada a grande superioridade do método computadorizado sobre o método real. No congresso seguinte XVI ENEGEP / II ICIE o modelo efetuou a alocação de 403 referees para avaliar 954 trabalhos. O modelo se mostrou totalmente validado e algumas imprecisões que surgiram se deveu a informações não totalmente corretas sobre alguns referees. E também apresentado o uso deste modelo no processo de avaliação de trabalhos ligados à área de Gerência submetidos ao XXI ENEGEP Nas conclusões são feitas algumas considerações que poderão ser incorporadas em futuros congressos no sentido de aprimorar ainda mais o processo de avaliação de trabalhos, que sem dúvida alguma, é um dos processos mais críticos na organização de congressos científicos de grande porte.This paper presents an actual experience in implementing an Operations Research model to allocate referees to assess papers submitted to a large size congress. By means of the actual data from XV ENEGEP (National Congress of Production Engineering, it was demonstrated the great superiority of the computerized method against the method (empirical and manual utilized. In the following congress (XVI ENEGEP III ICIE the model made the allocation of 403 referees to assess 954 papers. The model was absolutely validated and some inaccuracies that occurred were due to the information not absolutely correct about some referees. It is also presented the usage of this model in the XXI ENEGEP's assessment process of papers related to Management area. At the conclusions, it is drawn some considerations that intend contribute to the

  5. Perfil dos recém-nascidos submetidos à estimulação precoce em uma unidade de terapia intensiva neonatal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Karla Camila Lima de Souza

    2013-12-01

    Full Text Available Objetivo: Descrever o perfil dos recém-nascidos submetidos à estimulação precoce em uma unidade de terapia intensiva neonatal, caracterizando a população do estudo segundo suas variáveis neonatais e fatores de risco indicativos para o tratamento de estimulação precoce. Métodos: Estudo do tipo transversal e analítico, realizado em hospital de referência de Fortaleza, no período de fevereiro a março de 2011, cuja amostra constou de 116 prontuários de recém-nascidos indicados para o tratamento de estimulação precoce. Analisaram-se as seguintes variáveis: peso, sexo, idade gestacional, índice de Apgar, diagnóstico de síndrome do desconforto respiratório e de hemorragia intracraniana, uso de ventilação mecânica e pressão positiva contínua das vias aéreas (CPAP. As variáveis foram analisadas pelo programa Microsoft Excel® 2007 para obtenção de média e moda. Resultados: Das variáveis estudadas, houve um predomínio do baixo peso ao nascer, prematuridade e sexo masculino. Segundo o índice de Apgar, os escores do 1º e do 5º minutos mostraram valores ascendentes. Quanto às patologias estudadas, destaca-se a síndrome do desconforto respiratório como a mais prevalente, seguida da hemorragia intracraniana. Com relação à utilização do suporte ventilatório, o CPAP apresentou-se como a modalidade mais indicada, seguida da ventilação mecânica. Conclusão: O perfil dos recém-nascidos investigados no presente estudo, submetidos à estimulação precoce em uma unidade de terapia intensiva neonatal, é representado pelo sexo masculino, prematuro, com baixo peso e índice de Apgar elevado no 1º e 5º minutos, com prevalência da síndrome do desconforto respiratório e aumento do uso da pressão positiva contínua das vias aéreas.

  6. Avaliação da atitude de crianças que convivem com idosos em relação à velhice Evaluación de la actitud de los niños que viven con ancianos relacionadas a la vejez Evaluation of the attitudes of children living with seniors toward aging

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bruna Moretti Luchesi

    2012-12-01

    Full Text Available Com o envelhecimento populacional, é importante conhecer como outras faixas etárias percebem os idosos. Trata-se de um estudo quantitativo, transversal e descritivo, que teve como objetivo avaliar a atitude de crianças que convivem com idosos, em relação à velhice. Realizaram-se entrevistas com 54 crianças de sete a dez anos, que moravam com idosos. Após a caracterização sociodemográfica, foi aplicada a Escala Todaro para Avaliação de Atitudes de Crianças em Relação a Idosos, a qual avalia domínios persona, cognição, relacionamento social e agência. A maioria das crianças tinha nove anos, era do sexo masculino e morava com um idosomais de cinco anos. Os resultados apontaram atitudes consideradas positivas. O domínio persona apresentou relação com o tempo de moradia com o idoso. Os resultados deste trabalho permitem que as equipes de saúde planejem ações de intervenção educacional, visando manter e melhorar as atitudes de crianças em relação aos idosos.Con una población que envejece, es importante saber cómo personas perciben a los ancianos. Se trata de un análisis cuantitativo, transversal y descriptivo, que tuvo como objetivo evaluar la actitud de los niños que viven con ancianos relacionadas a la vejez. Se realizaron entrevistas con 54 niños de siete a diez años, viviendo con ancianos. Se hizo la caracterización sociodemográfica y se aplicó la Escala de Actitudes con Relación a la Vejez para niños, que evalúa los ámbitos persona, cognición, interacción social y agencia. La mayoría de los niños tenía nueve años, era del sexo masculino y vivía con ancianos hacía más de cinco años. Los resultados mostraron que las actitudes fueron positivas. Al ámbito persona se relacionó con el tiempo de residencia con ancianos. Basándose en los resultados hace que los equipos de salud planifiquen acciones de intervención dirigida a mantener y a mejorar las actitudes de niños relacionadas a la

  7. Percepção dos estudantes sobre o idoso e seus direitos: o caso da saúde Percepción de los estudiantes sobre los ancianos y sus derechos: el caso de la salud Perception of students on the elderly and their duties: the case of the health

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rodrigo Silva Paredes Moreira

    2009-12-01

    Full Text Available Trata-se de um estudo retrospectivo que tem os objetivos de verificar a percepção dos estudantes universitários sobre o idoso e seus direitos, e averiguar o conhecimento acerca dos direitos do idoso. Participaram deste estudo 63 estudantes de diferentes curso (ambos os sexos, no âmbito acadêmico. Utilizou-se para coleta de informações uma entrevista semi-estruturada centrada em questões pertinentes aos direitos do idoso e ser idoso. Os dados foram analisados com a técnica de análise de conteúdo temática. Os resultados são apresentados em categorias e são interpretados amparados na Constituição Federal, Código Civil Brasileiro e Política Nacional do Idoso, em particular, os direitos à saúde. Os resultados apontaram percepções negativas dos estudantes acerca do idoso e pouco conhecimento sobre os direitos do idoso, em particular os mais amplos, como: receber medicação especial, ser atendido nos hospitais prioritariamente, não sofrer constrangimentos nos serviços públicos de saúde, direito integral a saúde, entre outros.Este es un estudio retrospectivo el objetivo fue examinar las percepciones de los estudiantes universitarios acerca de las personas mayores y sus derechos, y para descubrir los conocimientos acerca de los derechos de las personas mayores. Participaron del estudio 63 estudiantes del curso diferentes (ambos sexos en el ámbito académico. Se utilizó para recopilar la información en una entrevista semi-estructurada se centró en las cuestiones relativas a los derechos de las personas de edad y los ancianos. Los datos fueron sometidos a la técnica de análisis de contenido temático. Los resultados fueron analizados con la técnica de análisis de contenido temático. Los resultados se presentan en las categorías comprendidas en la Constitución se interpretan Código Civil Federal y de la Política Nacional del Adulto Mayor, en particular los derechos a la salud. Los resultados mostraron una percepci

  8. Alternativas para um produto cárneo mais saudável: uma revisão

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Débora Francielly de Oliveira

    2013-09-01

    Full Text Available Considerando-se a evidente busca por alimentos de rápido e fácil preparo, as comunidades industrial e científica vêm investindo no desenvolvimento de novos produtos que, além de atenderem a essa demanda, possam oferecer benefícios à saúde do consumidor. Dentre os alimentos que não demandam muito tempo para o preparo no domicílio, o hambúrguer merece destaque, em função do seu elevado consumo. No entanto, em razão de conter gordura saturada e por ser submetido a processo de fritura, o consumo demasiado desse produto pode ser prejudicial à saúde humana, podendo causar doenças crônicas, entre as quais, a obesidade e a hipertensão. Estudos têm demonstrado a possibilidade de substituição de ingredientes na formulação de hambúrgueres, com a intenção de incorporar substâncias com propriedades funcionais; portanto, substâncias que possam contribuir para a saúde e o bem-estar dos consumidores. Nesse contexto, esta revisão aborda questões referentes ao hambúrguer, no sentido de conceituar o produto e, à luz da literatura, oferecer alternativas possíveis e que têm sido estudadas para tornar esse alimento mais saudável, com foco na substituição de gordura animal por fibras e na redução do teor de cloreto de sódio.

  9. Quedas em idosos institucionalizados: características gerais, fatores determinantes e relações com a força de preensão manual Falls in institutionalized elderly people: general characteristics, determinant factors and relationship with handgrip strength

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Rubens Rebelatto

    2007-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Identificar a ocorrência de quedas em idosos institucionalizados no Município de São Carlos (SP, descrever os fatores determinantes e verificar sua associação com a força de preensão manual. MÉTODOS: Participaram do estudo 61 idosos institucionalizados (31 homens e 30 mulheres que foram avaliados quanto à força de preensão manual e entrevistados quanto a eventos de queda e possíveis fatores determinantes. RESULTADOS: Verificou-se que 54,1% haviam sofrido pelo menos uma queda no ano que antecedeu a entrevista e que a incapacidade de assistir televisão possui correlação significativa com o índice de quedas (p=0,05, ao contrário das demais atividades funcionais estudadas (deambular, tomar banho e sentar sem auxílio, dor e doenças. Foram encontradas diferenças estatisticamente significantes entre as médias de idade dos idosos que já haviam caído (76,76 anos, ±9,17 e dos que não haviam caído (71,05 anos, ±8,67; e entre as médias de força de preensão manual de idosos que já haviam caído (19,37 kgf, ±8,92 e dos que não haviam caído (25,45 kgf, ±12,14. A análise de variância não mostrou diferença no número de quedas sofridas entre homens e mulheres. CONCLUSÕES: Houve alta incidência de quedas em idosos institucionalizados no município estudado, sendo que os idosos com menor força de preensão manual, os mais velhos e os incapazes de assistir televisão se mostraram mais propensos a sofrer quedas.OBJECTIVE: To identify the occurrence of falls among institutionalized elderly in São Carlos City, to describe its determining factors and to verify its relationship with handgrip strength. METHODS: 61 elderly subjects (31 men and 30 women took part of the study, being assessed regarding handgrip strength and interviewed regarding falls and possible factors for its occurrence. RESULTS: It was found that 54.1% of the elderly had fallen at least once in the 12 months preceding the study. The disability of

  10. Estimulação cognitiva para idoso com Doença de Alzheimer realizada pelo cuidador

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Thiara Joanna Peçanha da Cruz

    2015-06-01

    Full Text Available RESUMOObjetivo:conhecer a influência da estimulação cognitiva no domicílio, realizada pelo cuidador de idosos com Doença de Alzheimer.Método:realizado estudo de caso com cinco idosos com Doença de Alzheimer e seus cuidadores. As etapas de desenvolvimento da pesquisa foram: orientação aos cuidadores, seleção dos idosos e cuidadores; abordagem dos sujeitos no domicílio, encontros semanais e reaplicação dos testes para acompanhamento da função cognitiva do idoso.Resultados:no período de três meses foi possível identifi car melhora da cognição, verificada pelo resultado do Mini Exame do Estado Mental (MEEM. Os demais testes (KATZ, LAWTON, TDR e TFV mantiveram os escores iniciais.Conclusões:esta estratégia pode ser considerada uma tecnologia leve do cuidado de enfermagem para idosos com demência. Quando o cuidador realiza este cuidado, após o suporte do enfermeiro, sente-se menos ansioso e com maior compreensão da doença.

  11. Insuficiência cardíaca: estratégias usadas por idosos na busca por qualidade de vida

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Analyane Conceição Silva dos Santos

    2011-10-01

    Full Text Available Estudo descritivo com abordagem qualitativa cujos objetivos foram identificar as repercussões da insuficiência cardíaca na qualidade de vida dos idosos; descrever as estratégias utilizadas no enfrentamento destas repercussões e conhecer as percepções acerca dos cuidados de enfermagem. Foram realizadas entrevistas semiestruturadas com dez idosos com insuficiência cardíaca em um hospital militar do Rio de Janeiro-RJ. Identificou-se que a insuficiência cardíaca gera repercussões emocionais, físicas e financeiras na vida dos idosos, ocasionando impacto na qualidade de vida. Dentre as estratégias criadas pelos idosos, verificou-se o enfrentamento paliativo e o enfrentamento emocional. Os cuidados de enfermagem evidenciados foram orientação, carinho, zelo e dedicação. Cuidar do idoso com insuficiência cardíaca implica em avaliar as repercussões na capacidade funcional e autonomia dos anciãos, exigindo habilidades e competências do enfermeiro para identificar suas especificidades na perspectiva de um cuidado integral que contribua para a qualidade de vida dos mesmos.

  12. Cuidado ao idoso em Campinas-SP: estudo qualitativo com gestores e representantes políticos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Déborah Cristina de Oliveira

    2012-12-01

    Full Text Available O estudo busca identificar, descrever e analisar as práticas pertinentes à saúde do idoso na cidade de Campinas-SP, na perspectiva de representantes da saúde do idoso, tendo como base a Política Nacional de Saúde à Pessoa Idosa. Estudo qualitativo, com análise temática de conteúdo, na perspectiva de sujeitos que assumem funções estratégicas na condução da política direcionada ao idoso no município. A partir dos depoimentos dos sujeitos emergiram cinco temas centrais: tempos e lugares; condições de acesso; demandas da população; recursos humanos; promoção à saúde e prevenção de doenças e agravos; gestão. As práticas voltadas à saúde do idoso em Campinas estão em desenvolvimento e precisam ser avaliadas, ampliadas e sistematizadas, tanto nas questões estruturais de recursos humanos, financiamento e gestão, quanto na atenção direta ao idoso.

  13. Famílias de idosos na Estratégia de Saúde no Sul do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cássia Jordana Krug Wendt

    2015-06-01

    Full Text Available RESUMOObjetivo:caracterizar as famílias e situação de saúde de idosos na Estratégia de Saúde da Família e verificar a associação da composição familiar com as características sociodemográficas e de saúde dos idosos.Método:estudo de base populacional, com 215 famílias e 266 idosos, adscritos à Estratégia da Saúde da Família, de um município do Rio Grande do Sul.Resultados:predomínio da composição familiar nuclear, considerada como a principal fonte de apoio informal, de famílias de idosos do sexo feminino e agravos cardiovasculares. A estrutura parental nuclear teve associação bruta significativa com o sexo feminino e o consumo do tabaco.Conclusão:os resultados reforçam a necessidade de manutenção de uma rede de apoio formal e informal ao idoso e sua família para preservar a independência ou postergar o declínio da capacidade funcional.

  14. Fatores associados à prática de atividade física global e de lazer em idosos: Inquérito de Saúde no Estado de São Paulo (ISA-SP, Brasil Factors associated with global and leisure-time physical activity in the elderly: a health survey in São Paulo (ISA-SP, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Paula do Amaral Zaitune

    2010-08-01

    Full Text Available O propósito deste estudo foi medir a prevalência e os fatores associados à prática de atividade física global e de lazer em idosos (60 anos e mais. Estudo transversal de base populacional, com amostragem em múltiplos estágios que envolveu 1.950 idosos, residentes em áreas do Estado de São Paulo. A prevalência de atividade física global (avaliada pela versão curta do Questionário Internacional de Atividade Física - QIAF foi de 73,9% e no lazer de 28,4%. Os resultados apontam para diferenças entre os fatores associados à atividade física global e no lazer. Os segmentos sociais mais vulneráveis ao sedentarismo global e, em especial ao sedentarismo no contexto de lazer, devem ser os alvos preferenciais das políticas de saúde que buscam a promoção de estilos de vida mais saudáveis.The purpose of this study was to measure the prevalence of global and leisure-time physical activity and associated factors in the elderly. This was a population-based cross-sectional study covering a multiple-stage sample of 1,950 subjects 60 years or older living in areas of São Paulo State, Brazil. Prevalence of global physical activity (assessed through the short version of the International Physical Activity Questionnaire - IPAQ was 73.9%, and prevalence of leisure-time physical activity was 28.4%. The results highlight the differences between factors associated with global and leisure-time physical activities. The social groups most prone to overall sedentary lifestyle and especially to lack of leisure-time physical activity should be the main targets of health policies aimed at promoting healthier lifestyles.

  15. O envelhecimento na perspectiva do cuidador de idosos Aging by the perspective of elderly caregivers

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cléa Adas Saliba Garbin

    2010-09-01

    Full Text Available Este estudo relata a percepção de cuidadores de idosos que atuam em três instituições de amparo ao idoso na cidade de Araçatuba, São Paulo. Foram abordadas questões em relação ao envelhecimento, motivações pessoais dos cuidadores em buscar trabalho com essa parcela da população, relacionamento com o idoso, dificuldades durante o trabalho e a satisfação encontrada junto ao idoso. Realizou-se entrevista com os cuidadores, e o material verbal coletado foi analisado utilizando a técnica do Discurso do Sujeito Coletivo. Pôde-se perceber, através dos relatos, o envolvimento emocional do cuidador com seu trabalho, a sobrecarga física e emocional à qual está exposto. Relatos a respeito do envelhecimento também puderam ser coletados, além de questões de ordem social, que motivaram o cuidador a buscar esse tipo de trabalho. Os diversos olhares do cuidador nos impulsionam na busca de estratégias de capacitação teórica e suporte psicológico a esse grupo, pensando no seu bem-estar e no bem-estar do idoso.This study reports elderly caregivers' perception in charge of giving assistance to three benefiting institutions in elderly care, in the city of Araçatuba, São Paulo, Brazil. Questions were approached regarding aging, caregivers' personal motivation in the search of working with this sector of population, relationship with elderly, most common difficulties found during work and caregivers' satisfaction. An interview was done with caregivers and the collected verbal material was analyzed through the Collective Subject Discursive Technique. It was possible to realize through the reports the emotional involvement of caregivers with their work as well as the emotional and physical overload which they are exposed to. Reports related to aging could also be collected as well as social questions which motivated caregivers to search for this kind of job. The several eyes of caregivers lead us to search for new strategies of

  16. Maus-tratos a idosos: revisão integrativa da literatura Abuso contra ancianos: revisión integradora de la literatura Elderly maltreatment: integrative review of the literature

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Annelissa Andrade Virgínio de Oliveira

    2013-02-01

    Full Text Available O estudo objetivou identificar, a partir de uma revisão integrativa da literatura, o conhecimento científico produzido entre 2005 e 2009, sobre maus-tratos contra idosos. Para tal, foram selecionados dezesseis estudos nos bancos LILACS e SciELO e na base BDENF. Dentre os dezesseis estudos, 56,25% compreendiam artigos originais. O periódico que mais publicou foi o Caderno de Saúde Pública (25%, sendo a maioria dos estudos desenvolvidos no Sudeste (56,25%. O levantamento revelou que a violência física foi predominante entre os idosos, sendo o domicílio o ambiente onde frequentemente ocorre a agressão, sendo os familiares os principais agressores. Entre os idosos agredidos, observou-se que as mulheres são as vítimas mais acometidas. Esses achados suscitam o desenvolvimento de outras pesquisas que possam clarificar as múltiplas dimensões da violência contra o idoso.El estudio tuvo como objetivo identificar, a través de una revisión bibliográfica integrada, los conocimientos científicos, producidos entre 2005 y 2009 sobre maltrato a ancianos. Con este fin, se seleccionaron dieciséis estudios en los bancos LILACS e SciELO e en la base de datos BDENF. De ellos, 56,25% eran artículos originales. La revista más utilizada para publicación, fue el Cuaderno de Salud Pública (25%, y la mayoría de los estudios se desarrollaron en el Sudeste (56,25%. La encuesta reveló que la violencia física era la más frecuente entre los ancianos; el entorno familiar es adonde ocurre con mayor frecuencia la agresión; y los familiares son los principales agresores. Entre las personas de edad que fueron atacados, se observó que las mujeres son las víctimas más afectadas. Estos resultados plantean el desarrollo de otras investigaciones que puedan aclarar las múltiples dimensiones de la violencia contra los ancianos.The study aimed to identify, through an integrative literature review, scientific knowledge, produced between 2005 and 2009 about the

  17. Impacto da vacinação contra influenza na mortalidade por doenças respiratórias em idosos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Priscila Maria Stolses Bergamo Francisco

    2005-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: As doenças respiratórias, particularmente as infecciosas, vêm se tornando cada vez mais representativas na morbi-mortalidade da população idosa. O objetivo do estudo foi analisar a tendência de mortalidade por doenças respiratórias e observar o impacto da vacinação contra influenza nos coeficientes de mortalidade. MÉTODOS: O estudo foi realizado no período de 1980 a 2000 em idosos residentes no Estado de São Paulo, utilizando-se dados de mortalidade do Sistema de Informações de Mortalidade do Ministério da Saúde. Trata-se de estudo ecológico de séries temporais. Foram analisadas as tendências das taxas padronizadas de mortalidade por doenças respiratórias infecciosas, segundo faixas etárias (60 a 64, 65 a 69, 70 a 74, 75 a 79 e 80 ou mais anos e sexo, por meio de modelos de regressão polinomial. Foram calculados intervalos de confiança para a resposta média esperada nos anos subseqüentes à intervenção. RESULTADOS: Os coeficientes aumentaram para ambos os sexos na população idosa. Após a intervenção nota-se tendência ao declínio dos indicadores de mortalidade. Para a população idosa masculina, o coeficiente médio no período de 1980 a 1998 foi de 5,08 óbitos por mil homens com aumento linear não constante de 0,13 ao ano; em 2000, o coeficiente observado foi de 4,72 óbitos por mil homens. Já para as mulheres de 60 anos e mais, o coeficiente anual médio foi de 3,18 óbitos por mil mulheres com incremento não constante de 0,08 ao ano; no ano de 2000 o coeficiente observado foi 2,99 óbitos por mil mulheres, além da redução significativa dos mesmos em todas as faixas etárias. CONCLUSÕES: Os dados indicam a importância das doenças respiratórias entre os idosos e sugerem que a proteção específica contra influenza tem se refletido positivamente na prevenção da mortalidade por essas doenças.

  18. GERDAU S.A.: a empresa brasileira mais internacionalizada

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    EVA STAL

    2007-07-01

    Full Text Available Muitas empresas dos países em desenvolvimento não se consideram aptas a explorar outrosmercados devido à distância tecnológica entre as empresas globais e os seus padrões locais. Oartigo mostra que existe espaço para a inovação empresarial oriunda de países emdesenvolvimento, e ela é um dos principais fatores responsáveis pelo sucesso de suasempresas na conquista do mercado mundial. Descreve o processo de expansão internacionalda Gerdau S.A., que começou com exportações e evoluiu para a aquisição de empresassiderúrgicas na América Latina, América do Norte e Europa, num total de 32 usinas em 10países, sendo 21 no exterior, que empregam mais de 32 mil funcionários. Hoje, a empresapossui valor de mercado estimado em 10 bilhões de dólares e 111.000 acionistas. Analisa-sesua estratégia de internacionalização à luz das teorias econômicas, comportamentais eestratégicas e verifica-se que a trajetória internacional pode ser explicada por aspectoscaracterísticos de cada uma dessas teorias. Um traço importante na cultura da empresa é atransferência de seu modelo de negócios, estrutura, valores e tecnologia para as empresasadquiridas, sem deixar de considerar as necessárias adaptações às culturas locais.

  19. Sensitivity and specificity of the body mass index for the diagnosis of overweight/obesity in elderly Sensibilidade e especificidade do índice de massa corporal no diagnóstico de sobrepeso/obesidade em idosos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francisco de Assis Guedes de Vasconcelos

    2010-08-01

    Full Text Available The aim of this article was to verify the sensitivity and specificity of the body mass index (BMI cut-off points proposed by the World Health Organization (WHO and the Nutrition Screening Initiative (NSI for the diagnosis of obesity in the elderly. A cross-sectional study was made with 180 healthy elderly subjects from Florianópolis, Santa Catarina State, Brazil. Body fat percentage (%BF was determined using DEXA (dual energy X-ray absorptiometry. The BMI cut-off point of the NSI offers better sensitivity and specificity for men (73.7% and 72.5% respectively. For women, the lower the cut-off point the better the sensitivity, with a BMI of 25kg/m² (sensitivity of 76.3% and specificity of 100% being the most accurate for diagnosing obesity in elderly women. The WHO cut-off point offered very low sensitivity (28.9%. The results of this investigation lead to the conclusion that the cut-off points proposed by the WHO and the ones adopted by the NSI and by Lipschitz are not good indicators of obesity for the elderly of either sex, since they offer low sensitivity.O objetivo foi verificar a sensibilidade e especificidade dos pontos de corte do índice de massa corporal (IMC propostos pela Organização Mundial da Saúde (OMS e Nutrition Screening Initiative (NSI no diagnóstico da obesidade em idosos. O estudo foi realizado com 180 idosos de Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. O percentual de gordura corporal foi mensurado por absortometria radiológica de dupla energia. O IMC da NSI apresenta melhores valores de sensibilidade e especificidade para homens (73,7% e 72,5% respectivamente. Para os homens o IMC de 25kg/m² apresentou elevada sensibilidade (94,7% e baixa especificidade (40%, enquanto o IMC de 30kg/m² possui baixa sensibilidade (31,6% e elevada especificidade (97,5%. Nas mulheres, o IMC de 25kg/m² (sensibilidade de 76,3% e especificidade de 100% foi o mais acurado. O ponto de corte da OMS mostrou sensibilidade muito baixa (28,9%. Os

  20. Prevalência de idosos restritos ao domicílio em região metropolitana de Belo Horizonte (Minas Gerais, Brasil Prevalence of housebound elderly people in the urban region of Belo Horizonte (Minas Gerais, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Príscila Guedes Santana Ursine

    2011-06-01

    Full Text Available Este artigo tem por objetivo estimar a prevalência e o perfil sociodemográfico e de saúde dos idosos restritos ao domicílio adscritos a uma unidade de saúde da família da região metropolitana de Belo Horizonte (Minas Gerais. Realizou-se inquérito domiciliar no período de maio a julho de 2006 com 275 idosos selecionados através de amostragem por conglomerados. Utilizou-se a suíte svy do aplicativo Stata 9.0 para lidar adequadamente com a estrutura amostral de conglomeração e permitir a incorporação das frações de expansão nas análises. Dos 275 idosos entrevistados, 22,4% (IC95%: 14,7; 32,4 eram restritos ao domicílio. A prevalência dessa condição foi maior entre as mulheres, entre os indivíduos com 80 anos ou mais e entre aqueles com suspeita de déficit cognitivo (p-valor The aim of this article is to estimate the prevalence and the socio-demographic and health profile of housebound elderly people registered at a Family Health Unit in the urban region of Belo Horizonte (Minas Gerais, Brazil. A household survey was conducted between May and July 2006 with 275 elderly people selected via cluster sampling. The svy suite of commands in Stata 9.0 was used to deal adequately with the cluster sample structure and to allow the incorporation of fractions of expansion in the analyses. Among the 275 elderly, 22.4% (IC95%: 14.7; 32.4 were restricted to their homes. The prevalence of this condition was greater among women, people over 80 and suspected of suffering from cognitive impairment (p-valor < 0.05. The majority of housebound people had incomes below the minimum wage, reported history of falls, depression and indicated physical disorders as the cause of the restriction. The large contingent of low-income housebound elderly with several health problems, reinforces the need for incorporation of proposals for promotion and vigilance of the health of the elderly, which extend beyond the boundaries of the healthcare units.

  1. Infecção em idosos internados em instituição de longa permanência Infection in elderly interned in long-term care facilities

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo José Fortes Villas Bôas

    2007-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar ocorrência de infecção em idosos de instituição de longa permanência (ILP durante 13 meses consecutivos. MÉTODOS: Cinqüenta e cinco idosos foram avaliados segundo critérios de infecção e de comunicação padronizada. RESULTADOS: A idade mediana foi de 75 (66-81 anos. O conjunto de dados constituiu-se de 20.896 pacientes-dia (PD durante o período, com um total de 76 infecções para uma taxa média de infecção de 3,2 por 1000 PD. A taxa de pacientes com infecção foi de 63,6%. As topografias prevalentes foram respiratória (50%, trato urinário (32%, pele e partes moles (12% e gastrintestinal (7%, com taxa de infecção/1000 PD de 1,60; 1,01; 0,38; e 0,2, respectivamente. A taxa de mortalidade por infecção foi de 5%. Agentes microbiológicos foram isolados em 30,5% dos episódios infecciosos e Escherichia coli e Staphylococcus aureus foram os mais freqüentes. CONCLUSÃO: Infecção apresentou elevada incidência nos idosos institucionalizados, porém nenhum evento extraordinário foi observado.OBJECTIVE: To evaluate the occurrence of infection in elderly interned in long-term care facilities (LTCF during 13 consecutive months. METHODS: Fifty five elderly were evaluated according to infection and, reporting was standardized. RESULTS: The median age was 75 (66 81 years. The data set consisted of 20,896 patients-day (PD of care during the period, with a total of 76 infections for a pooled mean rate of infections 3.20 per 1,000 PD of care. Patient infection rate was 63.6%. Prevalent topographies of infection were respiratory (50%, urinary tract (32%, skin and soft tissue (12% and gastroenteritis (7%, with an infection rate for specific categories/1000 PD of 1.60, 1.01, 0.38, 0.21, respectively. Mortality infection rate was 5%. Microbiological agents were isolated in 30.5% of the infection episodes. Escherichia coli and Staphylococcus aureus were prevalent. CONCLUSION: Infection presented an elevated incidence in

  2. Educação para a saúde em osteoporose com idosos de um programa universitário: repercussões Heath education on osteoporosis for elderly university students

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cecília Maria Resende Gonçalves de Carvalho

    2004-06-01

    Full Text Available O objetivo do estudo foi análise do conhecimento, concepções e mudanças de comportamento alimentar de idosos universitários em relação à temática osteoporose, antes e após a intervenção educativa. Utilizou-se a estratégia da pesquisa-ação, aplicando-se o questionário a 95 idosos, com idade entre 60 e 86 anos, com ou sem osteoporose. O trabalho tornou patente o desconhecimento dos idosos em informações importantes sobre a doença e dos cuidados que se deve ter para melhor controlar a progressão da perda da massa óssea. Após o período de quatro meses de atividades educativas mais da metade do grupo reportou mudanças na dieta. Enfatiza-se a necessidade de adotar estratégias educativas capazes de informar não só sobre as práticas preventivas ideais da osteoporose, mas também que possam construir uma nova mentalidade e um novo comportamento que sejam importantes para o controle da doença.The purpose of this study was to analyze knowledge and concepts in relation to osteoporosis and changes in eating habits among elderly university students before and after an educational intervention. An action-based research strategy applied questionnaires to 95 individuals ranging in age from 60 to 86 years, with or without osteoporosis. The work showed an obvious lack of knowledge concerning important information about the disease and measures needed to better control progressive loss of bone mass. After four months of educational activities, more than half of the group had reported dietary changes. We emphasize the need to adopt educational strategies not only to inform on ideal preventive practices for osteoporosis but also to build a new mindset and behavior, which are important to control this condition.

  3. Diferenciais sociodemográficos no declínio funcional em mobilidade física entre os idosos no Brasil Socio-demographic differentials in the functional decline among the elderly in Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Isabel Parahyba

    2008-08-01

    Full Text Available Verifica-se uma positiva reversão de expectativa das condições gerais de saúde da população idosa, possivelmente devido ao progresso da tecnologia médica, mudanças comportamentais, desenvolvimento de programas específicos para idosos, elevação do status socioeconômico e modificações no padrão epidemiológico da população. Este estudo tem por objetivo analisar diferenciais sociodemográficos nas taxas de prevalência de incapacidade em mobilidade física entre os idosos no Brasil. Os dados utilizados foram os da PNAD, de 1998 e 2003, realizada pelo IBGE, envolvendo duas amostras, representativas nacionalmente, de 28.943 e de 35.042 pessoas de 60 anos ou mais. A escolha do indicador de incapacidade funcional recaiu sobre a variável "dificuldade para caminhar cerca de 100 metros". As medidas de status sociodemográfico incluíram sexo, grupos de idade, região de residência e renda familiar mensal per capita. Houve redução, estatisticamente significativa, das taxas de prevalência de incapacidade funcional, em mobilidade física, entre as pessoas idosas, no período considerado. As políticas públicas direcionadas para os idosos devem focalizar a ampliação da diminuição da carga da capacidade funcional.There is a positive reversion in the expectations regarding the health condition of the elderly population, possibly due to the progresses in medical technology; behavioural changes; development of special programmes for the elderly; improvements in the socio-economic status; decrease of infectious diseases. This study aims analyzing differentials in the prevalence rates of mobility disability among elderly people in Brazil. The data used were from 'The 1998 and 2003 National Household Survey (PNAD', conducted by the Brazilian Institute of Geographic and Statistics (IBGE. The two samples were nationally representative, including approximately 30 thousand individuals aged 60 years or more respectively. "Difficulty to walk

  4. Religious/spiritual coping in institutionalized elderly Coping religiosos y espirituales de los ancianos institucionalizados Coping religioso/espiritual de idosos institucionalizados

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciano Magalhães Vitorino

    2012-01-01

    experimentadas en el proceso de institucionalización.OBJETIVOS: Avaliar o coping religioso/espiritual (CRE de idosos residentes em duas instituições de longa permanência; e correlacionar o CRE com características sociodemográficas e de saúde. MÉTODOS: Estudo epidemiológico, analítico com desenho transversal, amostragem não probabilística e amostra de 77 idosos. Na coleta de dados, realizada entre junho e agosto de 2010, foram utilizados dois instrumentos: caracterização pessoal constituída por questões fechadas; e a Escala CRE com duas dimensões, CRE Positivo e CRE Negativo. RESULTADOS: Os idosos apresentaram distribuição equilibrada entre os gêneros, média de idade 76,6 anos; 81,6% não possuíam Ensino Fundamental completo; 96,1% praticavam uma religião. Foi alta a utilização do CRE total e evidenciou maiores pontuações com as variáveis, idade e tempo de moradia e CRE Total. CONCLUSÃO: O mais velhos, sem escolaridade e com religião apresentaram estratégias do CRE de forma elevada e positiva para as adversidades vivenciadas no processo de institucionalização.

  5. Impact of socioeconomic status on Brazilian elderly health Impacto do status socioeconômico na saúde de idosos brasileiros

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marília Ramos

    2007-08-01

    Full Text Available OBJECTIVE: To investigate the impact of socioeconomic status on elderly health. METHODS: The study was based on cross-sectional data from Survey on Health, Well-Being, and Aging in Latin America and the Caribbean. The sample comprised 2,143 non-institutionalized elderly aged 60 years and older living in the urban area of São Paulo, southeastern Brazil. Linear regression models estimated the effect of socioeconomic status indicators (years of schooling completed, occupation and purchasing power on each one of the following health indicators: depression, self-rated health, morbidity and memory capacity. A 5% significance level was set. RESULTS: There was a significant effect of years of education and purchasing power on self-rated health and memory capacity when controlled for the variables number of diseases during childhood, bed rest for at least a month due to health problems during childhood, self-rated health during childhood, living arrangements, sex, age, marital status, category of health insurance, intake of medicines. Only purchasing power had an effect on depression. Despite the bivariate association between socioeconomic status indicators and number of diseases (morbidity, this effect was no longer seen after including the controls in the model. CONCLUSIONS: The study results confirm the association between socioeconomic status indicators and health among Brazilian elderly, but only for some dimensions of socioeconomic status and certain health outcomes.OBJETIVO: Investigar o impacto do status socioeconômico na saúde de idosos. MÉTODOS: Utilizou-se a base de dados transversal Inquérito sobre a Saúde, o Bem estar o Envelhecimento na América Latina e Caribe. Analisaram-se 2.143 idosos (60 anos ou mais residentes em domicílios, na área urbana de São Paulo, no ano de 2000. Modelos de regressões lineares estimaram o efeito dos indicadores de status socioeconômico (anos de estudo completos, ocupação e poder de compra nos

  6. Qualidade dos cuidados domiciliares em enfermagem a idosos dependentes The quality of nursing home care to dependent elderly

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maribel Carvalhais

    2013-03-01

    Full Text Available Este estudo exploratório procura contribuir para promover a compreensão de factores envolvidos na qualidade dos cuidados de enfermagem a idosos dependentes em cuidados domiciliares. Adoptou-se o photovoice, um método participativo (qualitativo que usa a fotografia e a voz para aceder ao mundo dos outros e torná-lo acessível a nós. A amostra envolve seis enfermeiros, com idades entre os 24 e 30 anos, cinco do sexo feminino. Os principais resultados sugerem que a promoção da qualidade dos cuidados de enfermagem a pessoas idosas dependentes em cuidados domiciliares envolve: i trabalho e decisão em equipe multidisciplinar; ii mais recursos materiais e humanos; iii apoio aos cuidadores informais (quase sempre membros da família; vi determinação dos enfermeiros. O principal obstáculo centra-se na escassez de recursos e na desorganização, traduzidos em falta de tempo, desordem e frustração. Os participantes salientam a importância do envolvimento da família, considerada parte da unidade de cuidado.This exploratory study aims to contribute to the promotion of quality nursing home care to elderly people. Photovoice was adopted; it is a participatory method (qualitative that uses photograph and voice to facilitate/mediate our access to the others world. The sample comprised 6 nurses aged from 24 to 30 years old, 5 females. Main findings suggest that the promotion of the quality of nursing home care to dependent elderly involves: i work and decision in multidisciplinary team; ii more material and human resources; iii support to the informal caregivers (usually family members; iv nurses' determined posture. The main obstacle concerns the shortage of resources and disorganization which are reflected on lack of time, disorder and frustration. The participants underlined the relevance of families' involvement, since they are part of the care unit.

  7. Emprego da nimodipina (oxigen como protetor cerebral na cirurgia de revascularização do miocárdio com circulação extracorpórea em pacientes idosos Use of nimodipine for cerebral injury prophylaxis in surgical myocardial revascularization with extracorporeal circulation in elderly patients

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ricardo Manrique

    1996-12-01

    Full Text Available Aproximadamente 5% dos pacientes submetidos a cirurgia cardíaca com auxílio da circulação extracorpórea apresentaram problemas neurológicos. Avaliando funções neuropsíquicas, as alterações atingem de 50% a 70% dos casos. Os idosos são mais vulneráveis; nestes, a freqüência de acidente vascular cerebral (AVC aproxima-se dos 9%. Considerando que a população envelhece a um ritmo acelerado e que 0 coronariopata freqüentemente passa dos 65 anos de idade, é fundamental pesquisar meios profiláticos para diminuir esta incidência. Este é um estudo piloto, duplo cego, randomizado e controlado com 64 pacientes, 30 no Grupo nimodipina e 34 no Grupo placebo. As variáveis demográficas e diagnosticas pré-operatórias foram homogêneas, com exceção da incidência de isquemia cerebral transitória. O Grupo nimodipina, mesmo com programação cirúrgica e evolução intra e pós-operatória mais complicadas, apresentou menor número de casos neurológicos. No Grupo nimodipina foram constatados 3 casos de confusão mental e, no Grupo placebo, além de 3 casos de confusão mental, foram diagnosticados mais 2 casos de sonolência e 1 AVC isquêmico com seqüela. No total, foram 3 (10% casos em 30 pacientes no Grupo nimodipina, e 6 (17,64% em 34 pacientes no Grupo placebo, caracterizando uma redução de 76,4%. LEGAULT et al. (15 relatam uma elevada mortalidade de pacientes em uso de nimodipina, quando operados para troca valvar, causada, principalmente, por hemorragia. Nós não encontramos esta correlação. A mortalidade hospitalar é similar em ambos os grupos (1 paciente em cada e o sangramento não é estatisticamente diferente (1 caso de hemorragia importante no Grupo nimodipina. No seguimento até 41 meses, a mortalidade no Grupo placebo foi maior (4 pacientes que no Grupo nimodipina (1 paciente.Around 5 percent of the patients submitted to heart surgery with extracorporeal circulation present neurological problems. In relation to

  8. Manobra de recrutamento alveolar e suporte ventilatorio perioperatorio em pacientes obesos submetidos a cirurgia abdominal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Alberto Forgiarini Junior

    2013-12-01

    Full Text Available O desenvolvimento da cirurgia abdominal proporcionou uma alternativa terapêutica para obesos mórbidos; entretanto, os pacientes submetidos a esse procedimento frequentemente apresentam complicações pulmonares pós-operatórias. Uma possível alternativa para a redução dessas complicações é a utilização da manobra de recrutamento alveolar e/ou estratégias ventilatórias perioperatórias, com foco na redução das complicações pulmonares pós-operatórias. Nesta revisão, são descritos os benefícios de estratégias ventilatórias perioperatórias, assim como a realização de manobra de recrutamento alveolar em pacientes obesos submetidos a cirurgia abdominal.

  9. Ganho de força e função em idosos por treino isométrico com e sem resposta visual

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mauricio Ferraz de Arruda

    2014-07-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: A remediação das alterações fisiológicas que sofrem os idosos é um problema com o qual a saúde pública se defronta com frequência. A premência deste trabalho está em minimizar essa remediação e as alterações que ela propicia no âmbito músculo-esquelético, por meio de um trabalho físico condicionante, que busca aumentar a qualidade de vida dessa população. OBJETIVO: Avaliar o efeito do treinamento físico sob duas ópticas de comando terapêutico, com e sem resposta visual por unidade de pressão, bem como seus possíveis benefícios quanto ao ganho de torque muscular, inerente à funcionalidade citada no questionário de qualidade de vida SF-36, avaliando assim a influência do treinamento físico. MÉTODOS: A avaliação foi realizada por meio de um questionário de qualidade de vida SF-36 e do teste de levantar e sentar, além da aferição da força por meio do esfigmomanômetro modificado (EM. O individuo foi submetido a duas sessões semanais de exercícios durante um mês, com o protocolo de treinamento que constou de três séries de 10 repetições na cadeira flexora e extensora para ambos os joelhos de maneira isométrica. Os dados foram estatisticamente analisados pela análise de variância e desvio padrão (p < 0,05 e correlação de Pearson (p < 0,05. RESULTADOS: Notou-se melhora no quadro geral dos idosos, sendo que houve aumento estatisticamente significante no estado geral de saúde, redução da limitação por aspectos físicos, redução da dor e no aumento da capacidade funcional, bem como um incremento da força de flexão e extensão, que teve reflexo positivo no teste funcional. CONCLUSÃO: Houve correlação extremamente válida entre o ganho de força em flexão com o teste de sentar e levantar, com o qual, apesar de ganho menor comparado ao ganho de força em extensão, estabeleceu-se correlação com o ganho funcional, independentemente da resposta visual ao exercício.

  10. Efeitos de diferentes intervalos de recuperação no desempenho muscular isocinético em idosos Effects of different rest intervals on isokinetic muscle performance among older adults

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    C Ernesto

    2009-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Comparar os efeitos de diferentes intervalos de recuperação (IR entre séries de contração isocinética no desempenho muscular em idosos. MÉTODOS: Vinte idosos voluntários (66,9±3,9 anos, 76,1±13,4kg, 169±5,2cm foram submetidos a três sessões de exercício resistido isocinético unilateral da musculatura extensora do joelho com diferentes IR (1 minuto, 2 minutos, e 3 minutos na velocidade de 60°•s-1. Cada sessão consistia em três séries de 10 repetições durante as quais foram avaliados o pico de torque (PT, trabalho total (TT e índice de fadiga (IF. ANOVA fatorial para medidas repetidas, com a análise de Post hoc por Bonferroni, foi utilizada para identificar possíveis diferenças entre os IR. O nível de significância estatístico utilizado foi de p0,05. Apesar de ter sido observado menor desempenho muscular na 3ª série em todos os IR, maiores quedas no PT, TT e IF foram observadas quando adotado o IR de 1minuto (pOBJECTIVE: To compare the effects of different rest intervals (RI between sets of isokinetic contractions on muscle performance in older adults. METHODS: Twenty older participants (66.9±3.9 years; 76.1±13.4kg; 169±5.2cm underwent three sessions of unilateral isokinetic training for the knee extensor muscles, with different RI (1 minute, 2 minutes and 3 minutes at an angular velocity of 60°•s-1. Each session consisted of three sets of 10 repetitions, during which the peak torque (PT, total work (TW and fatigue index (FI were evaluated. Factorial ANOVA for repeated measurements, with Bonferroni post-hoc analysis, was used to identify possible differences between the RI. The statistical significance level was set at p0.05. Although muscle performance was lower during the third sets with all RI, the greatest decreases in PT, TW and FI occurred with the 1 minute RI (p<0.05. CONCLUSIONS: The results showed that the RI variable has an important influence on isokinetic muscle performance in older

  11. O perfil de saúde cardiovascular dos idosos brasileiros precisa melhorar: estudo de base populacional The profile of cardiovascular health of elderly brazilian people needs to improve: a population-based study

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Janaina Caldeira Pereira

    2008-07-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: No Brasil, existe pouca informação de base populacional sobre a aglomeração de fatores de risco e sua relação com doenças cardiovasculares em idosos. OBJETIVO: Estimar prevalência e aglomeração de fatores de risco e investigar associação com doença isquêmica do coração (DIC em idosos. MÉTODOS: Foram incluídos todos os participantes > 60 anos do "Inquérito domiciliar sobre comportamentos de risco e morbidade referida de doenças e agravos não-transmissíveis", realizado pelo Ministério da Saúde em 2002/2003, em quinze capitais e no Distrito Federal. Investigou-se a prevalência de fatores de risco (tabagismo, consumo de álcool, inatividade física, dieta inadequada e obesidade e de morbidade referida (hipertensão, hipercolesterolemia e diabete, além da associação entre DIC e aglomeração desses fatores pela regressão de Poisson. RESULTADOS: Os idosos representaram 13,4% (3.142/23.457, 59,4% mulheres e 40,6% homens. A idade média foi de 69,5 anos. Prevalências de dieta inadequada, inatividade física, obesidade, tabagismo e consumo de risco de álcool foram 94,4%, 40%, 17%, 12,7%e 3,2%, respectivamente. Cerca de 50% referiram hipertensão; 33% hipercolesterolemia e 18%, diabete. Tabagismo e hipercolesterolemia reduziram significativamente com a idade. Hipertensão, inatividade física, obesidade e hipercolesterolemia foram mais prevalentes em mulheres. Aglomeração de dois ou mais fatores foi observada em 71,3% dos idosos e reduziu com o avançar da idade. Idosos com DIC apresentaram uma prevalência quatro vezes maior de aglomeração de quatro ou mais fatores (RP = 4,1; IC_95%: 2,6-6,4. CONCLUSÃO: A associação entre DIC e maior aglomeração de fatores de risco expressa, provavelmente, maior risco acumulado ao longo da vida, mas indica também a necessidade de melhorar o perfil de risco desses idosos.BACKGROUND: In Brazil, population-based information on risk factors and their relationship with

  12. Análise da variabilidade e repetibilidade da pressão plantar durante a marcha de idosos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pedro S. Franco

    2015-10-01

    Full Text Available RESUMOIntrodução:A repetibilidade e a variabilidade da pressão plantar em avaliações da marcha são componentes importantes na avaliação clínica do idoso. Contudo, pouco é conhecido sobre a consistência dos padrões de pressão plantar em idosos.Objetivo:Analisar a variabilidade e repetibilidade da pressão plantar durante da marcha de idosos, considerando valores médios, picos e assimetrias.Métodos:A pressão plantar foi avaliada em quatro diferentes dias em 10 idosos (cinco mulheres, com idade média ± desvio-padrão de 73 ± 6 anos, durante o andar descalço em velocidade preferida. Os dados de pressão plantar foram comparados entre as pisadas em cada dia e entre os diferentes dias de avaliação.Resultados:Dados de pressão média e pico foram similares entre os diferentes dias de avaliação. Os índices de assimetria observados foram similares entre os diferentes dias avaliados.Conclusão:A pressão plantar (média e pico apresentou um padrão consistente nos idosos. Contudo, os índices de assimetria observados sugerem que idosos estejam sistematicamente expostos a cargas assimétricas durante a locomoção. Essa observação requer futuras investigações, especialmente em relação ao impacto dessas assimetrias na origem de doenças articulares.

  13. Desempenho de Trichogramma pretiosum Riley e T. exiguum Pinto & Platner (Hymenoptera: Trichogrammatidae submetidos a diferentes densidades de ovos de Plutella xylostella (Lepidoptera: Plutellidae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pereira Fabricio Fagundes

    2004-01-01

    Full Text Available Este trabalho teve como objetivo avaliar o desempenho de Trichogramma pretiosum Riley e de Trichogramma exiguum Pinto & Platner submetidos a diferentes densidades de ovos de Plutella xylostella (L.. Para cada espécie, grupos compostos por uma, duas e quatro fêmeas do parasitóide, foram confinadas em tubos de vidro juntamente com 15, 30, 45 e 60 ovos de P. xylostella por 24h. A duração do ciclo (ovo-adulto foi uniforme e exatamente igual a nove dias, tanto para T. pretiosum como para T. exiguum. A porcentagem de parasitismo de T. pretiosum e T. exiguum mais elevada foi encontrada nas combinações de 15 ovos quatro fêmeas-1 e duas fêmeas 15 ovos-1, respectivamente. A viabilidade do parasitismo para T. pretiosum e T. exiguum não foi afetada pelas combinações de parasitóides e ovos para ambas as espécies. A razão sexual foi igual a um para T. pretiosum e variando de 0,6 a 0,8 para T. exiguum. O número de parasitóides emergidos por ovo, de modo geral, foi um. As maiores porcentagens de deformação foram de 33,9 e 17,5% dos descendentes para T. pretiosum e T. exiguum, nos tubos contendo quatro fêmeas para 15 ovos, respectivamente. A combinação mais indicada para T. pretiosum e T. exiguum foi uma fêmea 25 ovos-1 e duas fêmeas 15 ovos-1, respectivamente.

  14. Conjunctival endogenous microbiota in patients submitted to cataract surgery Microbiota endógena conjuntival em pacientes submetidos à cirurgia de catarata

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Claudete I. Locatelli

    2003-07-01

    Full Text Available Bacterial isolation, identification and antimicrobial susceptibility tests were carried out in ocular material collected with swab and polimethylmethacrylate (PMMA or silicone intraocular lenses (IOL from forty six patients submitted to cataract surgery. Seventy six isolates and seven different microorganisms were identified. Coagulase-negative staphylococci (CNS were the predominant microorganisms isolated from swabs (71.4% of cases, PMMA lenses (81.3% and silicon lenses (77.8%. Coagulase-negative staphylococci isolates revealed high resistance to penicillin G followed by tetracycline, chloramphenicol and aminoglicosides. However, these isolates displayed great susceptibility to vancomycin, cephalothin and ofloxacin. Except for penicillin G, Staphylococcus aureus was very sensitive to the antimicrobial agents including oxacillin. Among Gram-negatives, Proteus mirabilis was prevalent and presented high resistance to tetracycline and chloramphenicol. Enterococcus isolates were vancomycin sensitive.A partir de material ocular coletado de 46 pacientes submetidos à cirurgia de catarata foram realizados isolamento, identificação e teste de susceptibilidade de microrganismos frente a antimicrobianos, utilizando-se suabes e lentes intraoculares (LIO. Foram obtidos 76 isolados e identificados 7 tipos de microrganismos. Estafilococos coagulase-negativos (CNS foram os microrganismos mais freqüentemente detectados de suabes (71,4% dos casos, lentes de PMMA (81,3% e lentes de silicone (77,8%. Isolados de CNS apresentaram elevada resistência à penicilina G, seguida por tetraciclina, cloranfenicol e aminoglicosídeos. No entanto, estes isolados mostraram grande sensibilidade à vancomicina, cefalotina e ofloxacina. Com exceção da penicilina G, os isolados de Staphylococcus aureus foram bastante sensíveis aos agentes antimicrobianos, incluindo a oxacilina. Entre as gram-negativas, Proteus mirabilis foi a bactéria mais freqüente e também se mostrou

  15. ANÁLISE DINÂMICA NÃO DETERMINÍSTICA E AVALIAÇÃO DE CONFORTO HUMANO SOBRE EDIFÍCIOS MISTOS (AÇOCONCRETO) SUBMETIDOS À AÇÃO DE CARGAS DE VENTO

    OpenAIRE

    Barboza, Rafael Rangel; Silva, José Guilherme Santos da

    2017-01-01

    Resumo. Edifícios altos são caracterizados por um elevado grau de esbeltez, o que os torna mais suscetíveis a problemas referentes a vibrações excessivas, por exemplo, quando submetidos à ação dinâmica do vento. De acordo com uma tendência mundial de projeto, a crescente quantidade de edifícios altos torna o estudo do comportamento estrutural estático e dinâmico destes sistemas estruturais de grande importância para a engenharia civil, principalmente no que se refere à estabilidade global, se...

  16. Fonoterapia vocal e fisioterapia respiratória com idosos saudáveis: revisão de literatura

    OpenAIRE

    Carla Aparecida Cielo; Fernanda dos Santos Pascotini; Vanessa Veis Ribeiro; Ariane de Macedo Gomes; Léris Salete Bonfanti Haeffner

    2016-01-01

    RESUMO Este estudo tem como tema a fonoterapia vocal e a fisioterapia respiratória no idoso saudável. O objetivo do presente estudo foi revisar a literatura sobre fonoterapia vocal e sobre fisioterapia respiratória com idosos saudáveis. Foi realizado um levantamento bibliográfico de artigos publicados entre 2004 e 2014 nas bases de dados Lilacs, Bireme, MedLine, PubMed e Scielo. Descritores utilizados: physical therapy specialty; breathing; speech therapy; aged; therapeutics e voice. A litera...

  17. Idosos com alteração cognitiva em contexto de pobreza: estudando a rede de apoio social

    OpenAIRE

    Brito,Tábatta Renata Pereira de; Costa,Reijane Salazar; Pavarini,Sofia Cristina Iost

    2012-01-01

    O objetivo deste trabalho foi analisar a estrutura e função das redes de apoio social de idosos com alterações cognitivas, residentes em contexto de alta e muito alta vulnerabilidade social, além de identificar associações entre as características das redes e a capacidade funcional. Os sujeitos estudados foram 38 idosos, residentes em contexto de alta e muito alta vulnerabilidade social, que apresentaram resultado no Mini Exame do Estado Mental abaixo da nota de corte. Todos os cuidados ético...

  18. Qualidade de vida, funcionamento cognitivo e adesão em idosos : um estudo exploratório

    OpenAIRE

    Gonçalves, Daniela Patrícia Araújo

    2012-01-01

    Tese de mestrado, Psicologia (Secção de Psicologia Clínica e Saúde - Núcleo de Psicologia da Saúde e da Doença), Universidade de Lisboa, Faculdade de Psicologia, 2012 O processo de envelhecimento acarreta inúmeras mudanças para o idoso. Devido às alterações físicas, psicológicas e sociais que se dão nessa fase de vida, o estado emocional, o funcionamento cognitivo e a capacidade funcional do idoso podem alterar-se, havendo por vezes uma maior preponderância de sentimentos menos positivos. ...

  19. Viver mais e melhor? Estimativas de expectativa de vida saudável para a população brasileira

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mirela Castro Santos Camargos

    2015-07-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi analisar as diferenças nas estimativas de três variantes da expectativa de vida saudável dos idosos no Brasil de 1998 para 2008: expectativa de vida livre de incapacidade funcional, com percepção de saúde boa e livre de doenças crônicas. Empregou-se o método de Sullivan, combinando as tábuas de vida do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE para 1998 e 2008 e estimativas intervalares das prevalências de incapacidade funcional, percepção de saúde e doenças crônicas da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD 1998 e 2008. Além do aumento da expectativa de vida, observaram-se aumentos significativos e similares da expectativa de vida saudável nas dimensões de percepção do estado de saúde e incapacidade funcional em quase todas as idades. As mulheres apresentaram maiores expectativas de vida, se comparadas aos homens, porém esperaram viver por mais tempo com saúde ruim, independentemente do indicador utilizado para mensurar saúde. Mesmo que a forma de mensurar saúde possa variar entre os estudos, dificultando comparações, é notável a desvantagem feminina em relação à expectativa de vida saudável.

  20. MAI statistics estimation and analysis in a DS-CDMA system

    Science.gov (United States)

    Alami Hassani, A.; Zouak, M.; Mrabti, M.; Abdi, F.

    2018-05-01

    A primary limitation of Direct Sequence Code Division Multiple Access DS-CDMA link performance and system capacity is multiple access interference (MAI). To examine the performance of CDMA systems in the presence of MAI, i.e., in a multiuser environment, several works assumed that the interference can be approximated by a Gaussian random variable. In this paper, we first develop a new and simple approach to characterize the MAI in a multiuser system. In addition to statistically quantifying the MAI power, the paper also proposes a statistical model for both variance and mean of the MAI for synchronous and asynchronous CDMA transmission. We show that the MAI probability density function (PDF) is Gaussian for the equal-received-energy case and validate it by computer simulations.

  1. Risco de hospitalizações repetidas em idosos usuários de um centro de saúde escola Risk of repeated hospitalizations in elderly users of an academic health center

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Isabel Casale Guerra

    2007-03-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi estratificar 305 idosos com 65 anos ou mais, atendidos em um Centro de Saúde Escola (Botucatu, São Paulo, Brasil, quanto à probabilidade de admissão hospitalar repetida. Os dados foram coletados por meio de um instrumento de avaliação do risco de admissão hospitalar repetida, constituído por oito indicadores de saúde: autopercepção da saúde, hospitalização, consultas médicas, diabetes, doença cardiovascular, sexo, apoio social e idade. Verificou-se que 56,4% dos entrevistados apresentaram baixa probabilidade de admissão hospitalar repetida; 26,9%, média; 10,5%, média-alta; e 6,2%, alta. Na associação dos indicadores de saúde com a probabilidade de admissão hospitalar repetida, observou-se que, para idosos classificados como sendo de riscos médio, médio-alto e alto, em relação àqueles com baixo, os riscos relativos foram significativos: saúde média ou ruim (2,31; hospitalização (2,38; mais de três consultas médicas (1,75; diabetes (2,10; doença cardiovascular (2,76; homens (1,68; e 75 anos ou mais (1,62. Constatou-se que o instrumento utilizado possibilitou a estratificação dos idosos quanto ao risco de serem hospitalizados repetidas vezes, o que pode contribuir para propostas de reorganização dos serviços de saúde.The aim of this study was to stratify 305 elderly (> 65 years treated at an academic health center (Botucatu, São Paulo, Brazil according to risk of repeated hospitalization. Data collection used an instrument to evaluate risk of repeated hospital admissions, including eight health indicators: self-rated health, hospitalizations, doctor visits, diabetes, cardiovascular disease, gender, social support, and age. 56.4% of interviewees presented low probability of repeated hospitalization, as compared to 26.9% medium, 10.5% medium-high, and 6.2% high probability. Combining health indicators with the probability of repeated hospitalization, for elderly classified as

  2. Aspectos estruturais e funcionais do apoio social de idosos do Município de São Paulo, Brasil Structural and functional aspects of social support for the elderly in the city of São Paulo, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tereza Etsuko da Costa Rosa

    2007-12-01

    Full Text Available Este trabalho teve como objetivo descrever a distribuição das redes sociais e de apoio em idosos no Município de São Paulo, Brasil, por características sócio-econômicas e demográficas. Estudou-se amostra probabilística de 1.568 idosos (60 ou mais anos da cidade de São Paulo (inquérito sobre Saúde, Bem-estar e Envelhecimento - SABE, focalizando-se as dimensões estruturais e funcionais das redes sociais. Para a análise dos dados utilizou-se a regressão logística simples e múltipla. As melhores condições nas redes sociais foram observadas nos menores patamares de renda e as piores entre os mais velhos e os "não casados". Para as mulheres, as chances de estarem "não casadas" aumentaram significativamente quanto pior era o seu nível educacional. O "status de coabitação" foi o que mais influenciou o apoio funcional, onde "morar só" aumentou significativamente as chances de não ocorrerem as trocas sociais. Os modelos de regressão logística múltipla construídos separadamente por gênero sugerem que idade, estado civil, renda per capita e escolaridade estão associados com as redes sociais entre os idosos. No entanto, essas relações manifestam-se de modos desiguais entre gêneros e entre as características sócio-demográficas para as diferentes dimensões da rede social.This study aimed to describe the distribution of social support networks for the elderly in the City of São Paulo, Brazil, based on socioeconomic and demographic characteristics. A probability sample of 1,568 elderly persons (> 60 years was studied (SABE query, focusing on structural and functional dimensions of social networks. Univariate and multiple logistic regression models were used to analyze the data. The best conditions in social networks were in the lowest income levels and the worst among older and unmarried people. For women, unmarried marital status was significantly associated with lower schooling. Cohabiting had the strongest influence on

  3. Leaf Beetles (Coleoptera ; Chrysomelidae) in the Campus and Agricultural Research Stations of Chiang Mai University, Thailand

    OpenAIRE

    Umemura, S; Tayutivutukul, J; Nakamura, H

    2005-01-01

    Qualitative surveys of leaf beetles were conducted at 5 survey sites (Chiang Mai University, Mae Hia Staion, Chang Kien Station, Nong Hoi Station, Suburb of Chiang Mai City) in Chiang Mai, Thailand using sweeping and beating methods from October 19th to October 30th, 2003. A total of 24 species of 8 subfamilies was collected from five survey sites ; 11 species, 3 species, 2 species, 11 species, 4 species from Chiang Mai University, Mae Hia Station, Chang Kien Station, Nong Hoi Station, Suburb...

  4. Perfil epidemiológico da cárie dentária, doença periodontal, uso e necessidade de prótese em idosos residentes em uma instituição na cidade de Fortaleza, Ceará Epidemiology of tooth decay, periodontal diseases, use and need of prostheses in the elderly living in a nursing home in the city of Fortaleza, State of Ceará (Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciene Ribeiro Gaião

    2005-09-01

    Full Text Available No Brasil, a população de idosos está em crescimento contínuo, causando um aumento da demanda por instituições de longa permanência para idosos. Porém, estudos no nordeste brasileiro sobre a saúde bucal em idosos institucionalizados são praticamente inexistentes. Esse estudo objetivou analisar a condição dentária, a condição periodontal, o uso e necessidade de prótese em idosos institucionalizados em um município do nordeste brasileiro. Foi realizado um estudo transversal em 160 idosos (95,2% da população-alvo idosos de 65 anos e mais, residentes em um asilo na cidade de Fortaleza/CE - Brasil, consistindo de consulta aos prontuários e exame bucal. A idade média foi de 76,6 anos. O índice CPO-D dos idosos asilados foi elevado com valor de 29,73. O componente dente perdido foi o que mais contribuiu para o alto valor do CPO-D, com 28,42 dentes; 109 (68,1% idosos não possuíam nenhum dente hígido na boca. Dos 160 idosos, 93 (58,1% eram totalmente desdentados e 56 (35,0% apresentavam dentes com raízes expostas. Das raízes expostas, 16% estavam cariadas ou obturadas. Dos 573 dentes presentes, 256 (44,6% necessitavam de algum tipo de tratamento, sendo 194 (75,8% para extração dentária. Do total dos idosos investigados, 112 (70% não usavam nenhum tipo de prótese superior (total e removível e 130 (81,3% de prótese inferior. Quanto à necessidade de prótese (total e removível detectada, 135 (84,4% necessitavam de algum tipo de prótese superior e 142 (88,7% de prótese inferior. Dos 117 sextantes presentes nos 160 indivíduos, a maioria (83,8% apresentava cálculo dentário. Os dados mostram que a maioria dos idosos apresenta saúde bucal precária. Assim, são indispensáveis medidas intervencionais focalizadas nessas populações como educação em saúde e tratamento precoce.In Brazil, the elderly population has been growing continuously, leading to a higher demand for long-term institutions for the elderly. In spite

  5. Comparação do risco de queda em idosos sedentários e ativos por meio da escala de equilíbrio de Berg Comparison of fall risk between sedentary and active aged by means of the Berg balance scale

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renata Martins Pimentel

    2009-03-01

    Full Text Available O envelhecimento da população é um fenômeno mundial, do qual o Brasil apresenta um dos mais agudos processos. A prática regular de exercícios por idosos pode melhorar a capacidade física, proporcionar ganho de auto-estima e confiança, contribuindo para diminuição do risco de quedas, comuns em idosos. Este estudo visou comparar o risco de quedas entre idosos sedentários e ativos, verificando como a prática de exercício físico se reflete no desempenho dos sujeitos na escala de Berg. Foram avaliados por esse instrumento 70 idosos, divididos em 2 grupos: sedentários (n=35 e ativos (n=35. Os escores médios na escala de Berg dos grupos sedentário e ativo foram 47,7±5,6 pontos e 53,6±3,7, respectivamente (pPopulation aging is a worldwide phenomenon which is particularly acute in Brazil. Regular physical exercise by the aged may improve physical capacity, provide gains in self-esteem and confidence, and contribute to reducing the number of falls, which are common among the elderly. This study aimed at comparing fall risk between sedentary and active elderly subjects, by assessing how the regular practice of physical exercises is reflected by subjects' performance at the Berg balance scale. Seventy elderly subjects were divided into 2 groups, sedentary (n=35 and active (n=35, and submitted to the Berg test. The sedentary group mean score at the Berg scale was 47.7±5.6, and the active groups', 53.6±3.7 (p<0.0001. The odds ratio analysis showed that fall risk was 15.6 times higher for the sedentary group as compared to the active group (p=0.002. Since the performance of the sedentary group at the Berg scale was worse than the active group's, it may be said that regular practice of physical activities affects such performance, and that physically active subjects present less fall risk than sedentary ones.

  6. A identidade social do idoso e as relações de trabalho: a realidade por trás das salvaguardas legais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aline Hack Moreira

    2012-03-01

    Full Text Available O presente trabalho aborda a questão da realidade social do idoso no mundo sócio-jurídico. Diante das salvaguardas oferecidas pelo Estado, emerge a problemática acerca da inserção social do idoso para além do alcance de salvaguardas legais, no que tange ao pertencimento. Não obstante a existência de leis e políticas direcionadas aos idosos, estas não conseguem preencher certo vazio, causado pelo pertencimento laboral. 

  7. Medo de quedas e fatores associados em idosos comunitários com catarata : estudo transversal realizado no Distrito Federal, Brasil

    OpenAIRE

    Cascalho, Lorena de Andrade

    2016-01-01

    Objetivos: Investigar a prevalência do medo de quedas em idosos com catarata residentes na comunidade e os fatores associados à alta preocupação com a ocorrência de quedas. Método: Pesquisa de corte transversal, analítico e observacional. Foi composta por 86 idosos com diagnóstico de catarata bilateral. Para quantificar o medo de quedas entre idosos foi utilizada a escala Falls Efficacy Scale-International-Brasil (FES-I-BRASIL). As demais variáveis foram obtidas por meio de aplicação de quest...

  8. Análise de fatores extrínsecos e intrínsecos que predispõem a quedas em idosos

    OpenAIRE

    Almeida, Sionara Tamanini de; Soldera, Cristina Loureiro Chaves; Carli, Geraldo Attilio de; Gomes, Irênio; Resende, Thais de Lima

    2012-01-01

    OBJETIVO: Analisar, em uma amostra de idosos de Porto Alegre, RS, os fatores intrínsecos e extrínsecos que predispõem ao risco de queda e fraturas. MÉTODOS: O estudo contou com uma amostra aleatória de 267 idosos, aos quais foram aplicados dois testes de equilíbrio: o Teste do Alcance Funcional (TAF) e o Timed Up and Go Test (TUG). Os idosos também responderam a um questionário (13 questões divididas em quatro categorias) sobre fatores sociodemográficos e sobre a saúde. RESULTADOS: Participar...

  9. Associação entre diabetes mellitus e gravidade da doença arterial coronariana em pacientes submetidos a intervenção coronária percutânea

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Simone de Souza Fantin

    2012-10-01

    Full Text Available Introdução: O diabetes mellitus está associado a um risco aumentado de doenças cardiovasculares. Pacientes com diabetes submetidos à revascularização miocárdica por intervenção coronariana percutânea (ICP apresentam piores respostas ao tratamento, desenvolvendo mais complicações e reestenoses em curto e longo prazo. Objetivos: Avaliar a prevalência de diabetes mellitus buscando associação com a gravidade da doença arterial coronária (DAC em pacientes submetidos à ICP em centro de referência no sul do Brasil. Métodos: Estudo transversal. Avaliados todos os pacientes submetidos à ICP entre novembro/2006 e dezembro/2007 em hospital de referência. Aplicado questionário previamente ao procedimento e realizada glicemia capilar em jejum. Realizada regressão logística para avaliar a associação entre diabetes e DAC. Resultados: Foram realizadas 617 ICPs, implantados 718 stents em 569 indivíduos (1,32 stents por intervenção. Destes, 177 pacientes (32,2% foram considerados diabéticos. Características demográficas, fatores de risco para DAC, vaso-alvo, diâmetro do vaso e extensão da lesão foram semelhantes entre os grupos. Doença arterial coronária grave, categoria III e IV, foi encontrada em 51,2% dos pacientes com diabetes comparado com 37,6% dos sem diabetes (p< 0.001. Houve correlação significativa entre os níveis de glicemia e a gravidade da DAC (p<0,05. Conclusões: Existe associação entre a presença de diabetes e a gravidade angiográfica da DAC em pacientes submetidos à ICP, o que sugere que esta maior gravidade possa contribuir para os desfechos adversos nestes pacientes.

  10. Satisfação com a Vida na Percepção dos Idosos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciane Cristina Joia

    2014-03-01

    Full Text Available Foi realizada uma pesquisa qualitativa à luz da Grounded Theory, objetivando compreender os fatores associados à satisfação com a vida, em idosos, no município de Barreiras (BA. A metodologia escolhida foi qualitativa. Como pergunta norteadora, foi solicitado ao entrevistado que falasse espontaneamente sobre satisfação com a vida. Foram entrevistados vinte e um idosos, escolhidos por conveniência, provenientes de classes socioeconômicas e culturais e idades diversificadas. As entrevistas foram gravadas e registradas em mp3 e o conteúdo transcrito na íntegra. A análise dos dados foi realizada à luz da teoria fundamentada em dados (Grounded Theory e representada através do Simbolismo Teórico. Os resultados estão representados na descrição de três fenômenos que se integraram e interrelacionaram ao longo da experiência vivida, no que tange à satisfação com a vida. Estes constituíram os vértices na base do tripé que convergiram para o que aparenta ser o sentido da satisfação com a vida, entre eles: “Elegendo as Relações de Afeto e Cumplicidade com a Família, Amigos e Lazer”; “Encontrando a Felicidade na Vida, como a Construiu”; “Compreendendo as Condições de Saúde e as Necessidades da sua Prevenção como seus Determinantes”. Desse modo, a satisfação com a vida entre os idosos não apareceu apenas como um recorte de um ponto específico, mas sim como uma trajetória ao longo da vida que lhes proporcionou momentos de felicidade, atitudes e vontades, indo além dos desdobramentos e implicações que a idade avançada lhes reserva. Depois de descobertos esses fenômenos, buscamos padrões de conectividade entre seus componentes para conceitualizar a categoria central e conseguimos entender os pontos-chave que nos permitiram retratar a experiência dos idosos do município de Barreiras (BA, durante sua vida, associada com o grau de satisfação.  

  11. Fatores associados aos sintomas depressivos em idosos: estudo EpiFloripa

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lucelia Justino Borges

    2013-08-01

    Full Text Available OBJETIVO Analisar a prevalência e fatores associados a sintomas depressivos em idosos. MÉTODOS Estudo epidemiológico transversal e de base domiciliar (inquérito EpiFloripa Idoso com 1.656 idosos, realizado por conglomerados em dois estágios, setores censitários e domicílios, em Florianópolis, SC. A prevalência de sintomas depressivos (desfecho foi obtida por meio da Geriatric Depression Scale (GDS-15, e testadas associações segundo variáveis sociodemográficas, de saúde, comportamentais e sociais. Foram calculadas razões de prevalências brutas e ajustadas com intervalo de 95% de confiança por regressão de Poisson. RESULTADOS A prevalência de sintomas depressivos foi de 23,9% (IC95% 21,84;26,01. Os fatores de risco associados no modelo final foram: escolaridade de cinco a oito anos (RP = 1,50; IC95% 1,08; 2,08, um a quatro anos (RP = 1,62; IC95% 1,18; 2,23 e nenhum ano de estudo (RP = 2,11; IC95% 1,46;3,05; situação econômica pior quando comparada com a que tinha aos 50 anos (RP = 1,33; IC95% 1,02;1,74; déficit cognitivo (RP = 1,45; IC95% 1,21;1,75; percepção de saúde regular (RP = 1,95; IC95% 1,47;2,60 e ruim (RP = 2,64; IC95% 1,82;3,83; dependência funcional (RP = 1,83; IC95% 1,43; 2,33; e dor crônica (RP = 1,35; IC95% 1,10;1,67. Grupo etário de 70 a 79 anos (RP = 0,77; IC95% 0,64;0,93; atividade física de lazer (RP = 0,75; IC95% 0,59;0,94; participação em grupos de convivência ou religiosos (RP = 0,80; IC95% 0,64;0,99; e ter relação sexual (RP = 0,70; IC95% 0,53;0,94 mostraram-se fatores protetores ao aparecimento dos sintomas depressivos. CONCLUSÕES Situação clínica adversa, desvantagem socioeconômica e pouca atividade social e sexual mostraram-se associadas aos sintomas depressivos em idosos.

  12. O efeito de um programa psicomotor para idosos com demência

    OpenAIRE

    Henriques, Bebiana Maria Pais

    2013-01-01

    Trabalho de Projeto apresentado à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de Mestre em Fisioterapia, ramo de Fisioterapia da Senescência Resultados de vários estudos fornecem informações relevantes à literatura do envelhecimento, sugerindo que há uma relação positiva entre a intervenção motora e cognitiva em idosos com demência (p. ex. Ferrer et al., 2003). Segundo a Alzheimer Europe (2012) existem 7,3 milhões de europeus dementes (153.000 port...

  13. O olhar sistêmico à família do idoso fragilizado

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tatiane Dias Casimiro Valença

    2012-01-01

    Full Text Available A dependência e incapacidade funcional de um membro idoso da família podem provocar alterações na dinâmica e no ciclo vital familiar, apresentando situações antes nunca vivenciadas. O olhar sistêmico sobre a família permite ao profissional de saúde compreender este sistema de interrelação, contribuindo para a inteireza e globalidade do cuidado da pessoa idosa e da sua família. Este trabalho traz uma reflexão teórica com o conhecimento de autores que abordam esta temática.

  14. IDOSOS E EXERCÍCIO FÍSICO: A ADERÊNCIA DA PRÁTICA COMO FATOR PREDOMINANTE PARA O WELLNESS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Evandro Salvador Alves de Oliveira

    2015-04-01

    Full Text Available Este trabalho é fruto de uma revisão de literatura que traz algumas questões a serem apresentadas e problematizadas, como a prescrição de exercício, alterações fisiológicas durante o processo de envelhecimento, qualidade de vida e saúde do público idoso. Com o decorrer dos anos é possível notar no corpo humano diversas alterações na estrutura corporal, como o envelhecimento tecidual, a redução da massa muscular, força, flexibilidade, equilíbrio, coordenação motora limitada, entre outros fenômenos. Contudo, com a aderência em alguma prática desportiva é possível reduzir muito as consequências advindas do envelhecimento, atuando como fator preventivo a inúmeras patologias que podem se tornar mais frequentes pela inatividade física. Nessa perspectiva, é imprescindível ter como foco um programa de exercícios bem orientado, organizado, e que dê ênfase de forma qualitativa aos objetivos dos sujeitos, pormenorizando qualquer que seja a ideia de que só consegue resultados significativos por mera coincidência.Objetivo: Discutir e refletir sobre a elaboração de exercícios para pessoas idosas, considerando a aderência da prática da atividade física como fator que possa ser predominante para o Wellness (bem estar total.

  15. Prevalência das anomalias dentárias em pacientes submetidos a tratamento ortodôntico Prevalent dental disgenesis in patients under orthodontich treatment

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jurema Freire Lisboa de Castro

    2004-10-01

    Full Text Available O presente estudo teve como objetivo avaliar a prevalência das disgenesias dentárias em pacientes submetidos a tratamento ortodôntico na cidade do Recife, no período de 1991 a 1999, por meio da observação de dados contidos em prontuários e do exame radiográfico. Foram examinados 551 prontuários, dos quais 124 (22,5% apresentaram essas alterações.Os resultados demonstraram que 44 (7,99% das disgenesias estavam presentes no gênero masculino e que dois pacientes deste grupo apresentaram mais de um tipo das mesmas. Outras 80 (14,52% pertenciam ao gênero feminino, sendo que 3 pacientes deste grupo apresentaram também mais de uma alteração; dessa forma ocorreram 130 disgenesias. A hipodontia foi a mais prevalente com (86,92%. As disgenesias diagnosticadas não mostraram diferenças de ocorrências entre os gêneros e localização nos arcos superior e inferior. O presente estudo mostra a importância da observação radiográfica para detecção de disgenesias e elaboração de um plano de tratamento baseado na ocorrência delas.The aim of this research was to evaluate the dental disgenesis prevalence, in the patients submitted to orthodontic treatment in the city of Recife, between the years 1991 to 1999. This study was done by clinic handbooks analysis and also by radiographies. 551 clinic handbooks were checked up and 124 (22,5% showed those disgenesis. The results showed that 44 (7,99% of the anomalies were detected to the male sex, and 3 patients of this group also showed more than one type. Therefore 130 disgenesis were detected. The most detected prevalence was the hipodonty with 86,92%. The detected disgenesis did not show difference in occurrence between males and females patients; and also in the superior and inferior arches. The present study shows how important is the radiographic observation detecting disgenesis for a clinical schedule, according to the occurrence of them.

  16. Comunicólogo que brinca comunica mais?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ivany Câmara Neiva

    2015-09-01

    CINECLICK (sobre filme Tarja Branca. Disponível em http://www.cineclick.com.br/tarja-branca-a-revolucao-que-faltava. Acesso em 02.08.2015. COMISSÃO DE PROFESSORES. Carta aberta ao Ministro Cid Gomes. Correio Braziliense, Brasília, 10.02.2015. p.3. CORTELLA, Mário Sérgio. Os alunos não são mais os mesmos. In Novos Paradigmas da Educação (vídeo. São Paulo: Atta Mídia e Educação, 2003. D´ÁVILA, Cristina e VEIGA, Ilma Passos Alencastro (orgs.. Didática e docência na educação superior: implicações para a formação de professores. Campinas, SP: Papirus, 2012. DUARTE, Mauricio. O básico do básico. Disponível em http://www.revistadacultura.com.br/revistadacultura/detalhe/14-09-04/A_base_do_b%C3%A1sico.aspx. Acesso em 02.08.2015. DUARTE JUNIOR, João-Francisco. O que é realidade. 10.ed., 5.reimpr. São Paulo: Brasiliense, 2004. (1ª edição: 1984. ______. O sentido dos sentidos: a educação (do sensível. Disponível em http://www.bibliotecadigital.unicamp.br/document/?code=vtls000211363. Acesso em 02.08.2015. ECO, Umberto. O nome da rosa. Rio de Janeiro: Record, 2009. FERNANDES, Florestan. As Trocinhas do Bom Retiro: contribuição ao estudo folclórico e sociológico dos grupos infantis. In: ______. Folclore e mudança social na cidade de São Paulo. 2.ed. Petrópolis/RJ: Vozes, 1979. FREIRE, Paulo. Ação Cultural para a Liberdade e Outros Escritos. São Paulo: Paz e Terra, 2011. ______. Pedagogia da Autonomia - saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 1996. FREITAS, Fidalgo de. O esgotamento (burnout nos professores. Millenium on line n0 15. Jul. 1999. Disponível em http://www.ipv.pt/millenium/15_spec1.htm. Acesso em 02.08.2015. GOMES, Patrícia. Professor precisa abrir a cabeça, diz José Pacheco. Disponível em http://porvir.org/porpessoas/para-inovar-e-preciso-professor-abra-cabeca-diz-jose-pacheco/20120522. Acesso em 02.08.2015. GUIMARÃES, Renato S.. Como as escolas transformam crianças em adultos med

  17. Significados de violência familiar para idosos no contexto da atenção primária

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Claudia Wanderbroocke

    Full Text Available A pesquisa analisou os significados da violência familiar na perspectiva de idosos usuários de uma Unidade Básica de Saúde. Trata-se de um estudo qualitativo, ancorado na Teoria Fundamentada Empiricamente, no qual participaram nove idosos, identificados por profissionais da saúde como vítimas de violência familiar. Os dados oriundos das entrevistas semiestruturadas evidenciaram que o significado de violência familiar contra o idoso está associado a comportamentos de familiares que geram: privação de autonomia, desrespeito por parte dos netos, abandono ou negligência. Alguns tipos de violência não foram reconhecidos pelos participantes em seus próprios relacionamentos com familiares, uma vez que o significado mostrou-se alicerçado na ideia da violência que ocorre "no outro idoso", o frágil e dependente, condição com a qual não se identificaram.

  18. Associação entre sintomas de insônia e artrite reumatóide em idosos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Denise Cuoghi de Carvalho Verissimo Freitas

    2013-08-01

    Full Text Available Esse estudo objetivou avaliar sintomas de insônia em idosos residentes na comunidade e sua associação com a artrite reumatóide. Estudo descritivo, de corte transversal, recorte do projeto multicêntrico Fragilidade em Idosos Brasileiros . Foram avaliados 689 idosos (68,9% mulheres, média de idade 72,2 anos utilizando-se questionário sociodemográfico e sobre condições clínicas, questões sobre sintomas de insônia (Perfil de Saúde de Nottingham e teste de rastreio para alterações cognitivas (Mini-exame do Estado Mental. Utilizou-se análise descritiva e análise de regressão logística múltipla, com nível de significância de 5%. A associação entre sintomas de insônia e artrite reumatóide manteve-se significativa na análise multivariada; outros fatores associados foram avaliação subjetiva da saúde muito ruim, não ser aposentado e apresentar depressão. Os profissionais da área da saúde devem investigar cuidadosamente a qualidade do sono noturno dos idosos acometidos por artrite reumatóide, dada sua elevada prevalência nessa população.

  19. Idosos com alteração cognitiva em contexto de pobreza: estudando a rede de apoio social

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tábatta Renata Pereira de Brito

    2012-08-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi analisar a estrutura e função das redes de apoio social de idosos com alterações cognitivas, residentes em contexto de alta e muito alta vulnerabilidade social, além de identificar associações entre as características das redes e a capacidade funcional. Os sujeitos estudados foram 38 idosos, residentes em contexto de alta e muito alta vulnerabilidade social, que apresentaram resultado no Mini Exame do Estado Mental abaixo da nota de corte. Todos os cuidados éticos foram observados. Aplicaram-se o Mini Exame do Estado Mental, o Diagrama de Escolta, o Índice de Katz e o Questionário de Pfeffer. Os resultados demonstraram que os idosos avaliados possuem rede social grande, com predomínio de integrantes no círculo interno, porém poucos integrantes desempenham papéis funcionais. Observou-se correlação entre a variável sexo e o número de integrantes das redes sociais. Não foi observada correlação significativa entre as características das redes e a capacidade funcional dos idosos.

  20. Meios de comunicação impressos, representações sociais e violência contra idosos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Evelyn Rúbia de Albuquerque Saraiva

    2012-06-01

    Full Text Available Objetivou-se apreender as representações sociais da violência e dos maus-tratos contra os idosos divulgadas pela mídia impressa paulista e paraibana. Foi realizada uma pesquisa documental com 126 notícias dos jornais Folha de S. Paulo e O Norte (Paraíba, cujos textos foram analisados pelas classificações hierárquicas descendente e ascendente processadas pelo software Alceste. As representações sociais sobre a violência contra os idosos apresentaram-se polarizadas entre os dois jornais: no paraibano destacaram-se as temáticas dos direitos e das políticas públicas, e no paulista, emergiu a concepção de violência, em relação aos idosos, como vítimas, e em relação aos seus agressores, como uma questão policial. Infere-se que a produção e difusão de conhecimentos por intermédio dos jornais desvelam nas representações sociais hegemônicas da sociedade certa pressão sobre os sujeitos sociais, demandando intervenções psicossociais em diversos segmentos desta sociedade, principalmente em se tratando de um fenômeno extremamente complexo como o é a violência contra idosos.

  1. Ações ecossistêmicas e gerontotecnológicas no cuidado de enfermagem complexo ao idoso estomizado

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edaiane Joana Lima Barros

    2014-01-01

    Full Text Available Objetivou-se identificar as ações ecossistêmicas e gerontotecnológicas a serem realizadas para a um cuidado de enfermagem complexo ao idoso estomizado. Realizou-se uma pesquisa qualitativa, descritiva do tipo Estudo de Caso. Os dados foram coletados por entrevistas, os idosos foram classificados quanto à Funcionalidade, Incapacidade e Saúde, realizado exame físico e observação sistemática. Participaram dez idosos de um Serviço de Estomaterapia do Sul do Brasil, de junho a agosto de 2012. Desenvolveu-se um modelo teórico e os dados foram comparados com o protocolo do estudo. Como ações ecossistêmicas identificaram-se a construção de um ambiente terapêutico, a garantia de acesso físico / adaptações ambientais e, como ações gerontotecnológicas, o processo educativo em saúde, o encaminhamento ao grupo de apoio e o fornecimento de materiais e equipamentos necessários ao autocuidado. O cuidado de enfermagem é fundamental para o idoso estomizado enfrentar suas limitações, desmistificando sua deficiência/incapacidade/saúde.

  2. Indicadores sociais e saúde autorreferida de idosos diabéticos: variações entre os sexos - doi: 10.4025/actascihealthsci.v35i1.10315 Social indicators and self-reported health of elderly diabetic people: variations between the sexes - doi: 10.4025/actascihealthsci.v35i1.10315

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jacira dos Santos Oliveira

    2013-03-01

    Full Text Available O diabetes apresenta alta morbimortalidade, com perda importante na qualidade de vida do idoso. Assim, objetivou-se averiguar variações entre os sexos relativos aos indicadores sociais e ao estado de saúde autorreferido de idosos diabéticos. Estudo exploratório, realizado no Ambulatório de Endocrinologia do Hospital Universitário da UFPB, por meio de entrevista a 53 idosos atendidos, de outubro a dezembro de 2009. A análise dos dados foi efetivada pelo SPSS. Dos idosos, 38% eram homens e 62% mulheres; a maioria 58,49% tinha idade entre 60 a 64 anos e 71,70% referiram ser casados. Observou-se maior índice de viuvez entre as mulheres (21,21%. Considerando a renda, advinda especialmente da aposentadoria, 80% no caso dos homens e 54,55% das mulheres. Das mulheres, 42,42% referiram exercer atividade ocupacional apenas no lar e 65% dos homens não exerciam nenhuma. Quanto à falta de ajuda no cuidado em saúde, esta foi expressa por 5% dos homens. Verificou-se que 81,13% dos idosos expressavam duas ou mais enfermidades. Quanto ao uso de tecnologia assistiva, houve um predomínio entre os homens (10%. O estudo contribuiu para ampliar o conhecimento dos indicadores sociais e de saúde de homens e mulheres idosos diabéticos, o que pode melhor direcionar o cuidado de enfermagem.  Diabetes has a high morbidity and mortality, with significant loss in the elderly people’s life quality. Variations between the sexes with regard to social indicators and self-reported health status of elderly people with diabetics are investigated. Current exploratory study has been undertaken at the outpatient endocrinology clinic of the University Hospital of UFPB, through interviews with 53 elderly people, of whom 38% were males and 62% were females, between October and December 2009, and data were analyzed by SPSS. Most of the elderly people (58.49% interviewed were within the 60 - 64 age bracket. Although 71.70% reported being married, a high widowhood rate (21

  3. Qualidade do sono em pacientes idosos com patologias vasculares periféricas Calidad del sueño en pacientes de la tercera edad con patologías vasculares periféricas Sleep quality in aged patients with peripheral vascular diseases

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Karina Corrêa

    2008-03-01

    Full Text Available Patologias vasculares periféricas freqüentemente acometem idosos e, sendo crônicas, interferem na qualidade de vida desses indivíduos, inclusive no sono. Portanto, este estudo objetivou avaliar a qualidade do sono de idosos com patologias vasculares periféricas em acompanhamento ambulatorial no Hospital das Clínicas da Universidade Estadual de Campinas. Os voluntários (n=50, idade média de 74 8 anos responderam ao Índice de Qualidade de Sono de Pittsburgh (PSQI, forneceram dados sociodemográficos e sobre a vasculopatia (35 idosos apresentavam obstrução arterial em membros inferiores. Verificou-se que 34 idosos apresentavam sono de má qualidade. A duração do sono era de 5,8 ( 2,3 horas e, segundo 23 idosos, as dores perturbavam o sono noturno freqüentemente (três vezes na semana ou mais. Somente 18 idosos usavam analgésicos e quatro, medicamentos para dormir. Os achados podem subsidiar o enfermeiro na implementação de medidas para melhorar esse quadro e promover a qualidade de vida das pessoas acometidas.Las patologías vasculares periféricas frecuentemente acometen a las personas de la tercera edad y, siendo crónicas, interfieren en la calidad de vida de esos individuos, inclusive en el sueño. Por tanto, en este estudio se tuvo por objetivo evaluar la calidad del sueño de personas de la tercera edad con patologías vasculares periféricas en tratamiento ambulatorio en el Hospital de las Clínicas de la Universidad Estatal de Campinas. Los voluntarios (n=50, edad media de 74 8 años respondieron al Índice de Calidad de Sueño de Pittsburgh (PSQI, proporcionaron sus datos sociodemográficos y sobre la vasculopatía (35 personas de la tercera edad presentaban obstrucción arterial en miembros inferiores. Se verificó que 34 personas de la tercera edad presentaban sueño de mala calidad. La duración del sueño era de 5,8 ( 2,3 horas y, según 23 de los participantes, los dolores perturbaban su sueño nocturno frecuentemente

  4. Alterações na funcionalidade/cognição e depressão em idosos institucionalizados que sofreram quedas Alteraciones en la funcionalidad/cognición y depresión en ancianos institucionalizados que sufrieron caídas Changes in function/cognition and depression in institutionalized elderly who have suffered falls

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rafaela Vivian Valcarenghi

    2011-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar a influência de alterações na funcionalidade/cognição e presença de depressão em idosos institucionalizados que tenham sofrido quedas, visando à prevenção desse acidente. MÉTODOS: Pesquisa quantitativa, exploratória e descritiva, realizada com 30 idosos, no Rio Grande do Sul (Brasil. sendo usados cinco instrumentos de coleta de dados. A análise deu-se pelo Programa SPSS 13.0. RESULTADOS: Verificou-se que: a maioria era mulher; baixa escolaridade; o risco de quedas aumentou com a idade; idosos com menor tempo de institucionalização caíram mais. Identificou-se a influência do uso de medicamentos e quedas. Em relação à capacidade funcional, os idosos que caíram, apresentaram independência para as atividades de vida diária; dos 20 idosos com escore sugestivo para deficit cognitivo, dez sofreram quedas. Não houve influência significativa entre depressão e quedas nos investigados. CONCLUSÃO: Verificou-se a importância de determinar-se a influência de alterações funcionais/cognitivas e a presença de depressão, em episódios de quedas nos idosos institucionalizados.OBJETIVO: Analizar la influencia de alteraciones en la funcionalidad/cognición y presencia de depresión en ancianos institucionalizados que hayan sufrido caídas, visando la prevención de ese accidente. MÉTODOS: Investigación cuantitativa, exploratoria y descriptiva, realizada con 30 ancianos, en Rio Grande do Sul (Brasil. siendo usados cinco instrumentos de recolección de datos. El análisis se Dio por el Programa SPSS 13.0. RESULTADOS: Se verificó que: la mayoría era mujer; de baja escolaridad; el riesgo de caídas aumentó con la edad; ancianos con menor tiempo de institucionalización se cayeron más. Se identificó la influencia del uso de medicamentos y caídas. En relacion a la capacidad funcional, los ancianos que se cayeron, presentaron independencia para las actividades de vida diária; de los 20 ancianos con score

  5. Variações no posicionamento dos eixos visuais em pacientes submetidos a cirurgias de estrabismo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Graciela Scalco Brum

    2011-02-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Determinar as variações no ângulo de posicionamento ocular pós-operatório em pacientes submetidos a cirurgias para correção de estrabismo e identificar possíveis fatores de risco associados a tal ocorrência. MÉTODOS: Foi realizado estudo retrospectivo de 819 pacientes portadores de estrabismo submetidos à cirurgia para correção do desvio ocular entre janeiro de 1995 e dezembro de 2005 no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo. Os pacientes foram divididos em quatro grupos quanto ao tipo de desvio pré-operatório (esotropia alternante, esotropia monocular, exotropia alternante e exotropia monocular e as variações no posicionamento ocular foram quantificadas em cada grupo. RESULTADOS: A prevalência de variações no posicionamento ocular (pós-operatório maiores que 10∆ entre o total de pacientes estudado foi de 33,5% (274 pacientes. Entre estes, foi verificada maior frequência de desvios no sentido exotrópico (178 pacientes ou 65,0% do que no sentido esotrópico (96 pacientes ou 35,0%, diferença esta que foi estatisticamente significativa (teste do qui-quadrado; p<0,001. CONCLUSÕES: Instabilidade no posicionamento ocular pode ocorrer ao longo do tempo em pacientes submetidos a cirurgias de estrabismo. Tal ocorrência reforça a necessidade do desenvolvimento de alternativas terapêuticas a fim de proporcionar maior estabilidade ao sistema oculomotor no pós-operatório de cirurgias de estrabismo.

  6. Relação entre o profissional de saúde da família e o idoso Relación profesional de salud de la familia con el anciano Family health professionals' relationship with the elderly

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Aparecida da Silva Araújo

    2010-12-01

    Full Text Available O estudo tem como objetivo discutir a relação dos profissionais de saúde da família com os idosos. Foi desenvolvido com base na abordagem qualitativa, cujos dados foram coletados utilizando-se a técnica de grupo focal, seguida da análise de conteúdos. Verificou-se que a relação profissional de saúde e idoso por meio da comunicação é presente de forma compromissada e humanizada, a qual traz beneficios e influencia na mudança de comportamento do idoso; no entanto, as ações são fundamentadas no modelo biomédico e educação em saúde tradicional. Os resultados indicam que a relação do profissional de saúde e idoso se coloca ainda como um desafio para a resolutividade da atenção básica e indica a necessidade de conscientização de gestores para qualificação profissional na perspectiva de associar o trabalho em saúde por uma sociedade mais justa e igualitária, superando o modelo de atenção tradicional.El estudio tiene como objetivo discutir la relación de los profesionales de salud de la familia con los ancianos. Fue desarrollado con base en la aproximación cualitativa, cuyos datos fueron recogidos usando la técnica de grupo focal, seguido de análisis de contenido. Fue verificado que la relación profesional de salud y anciano por medio de la comunicación está presente de forma comprometida y humanizada, que trae beneficios e influye en el cambio de comportamiento del anciano, no obstante, las acciones son basadas en el modelo biomédico y educación en salud tradicional. Los resultados indican que la relación de profesionales de salud y anciano es puesta todavía como desafío para la resolución de la atención básica y señala la necesidad de concientización de los administradores para la calificación profesional en la perspectiva de asociar el trabajo en salud por una sociedad más justa y de igualdad, superando el modelo de atención tradicional.The study sets out to discuss the relationship between

  7. Desempenho de idosos brasileiros no teste de deglutição de 100 ml de água Performance of Brazilian elderly on the 100 ml water swallowing test

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Graziela Maria Martins Moreira

    2012-03-01

    Full Text Available OBJETIVO: Comparar o desempenho de idosos brasileiros, residentes em uma instituição de longa permanência, no teste de deglutição de 100 ml de água com os resultados obtidos em idosos ingleses. MÉTODOS: Dezoito idosos residentes numa instituição de longa permanência, considerados normais para a função de deglutição (13 mulheres e cinco homens, com idade média de 83,46 anos foram solicitados a beber 100 ml de água de um copo plástico, reproduzindo o estudo inglês. O avaliador observou lateralmente o número de goles, tempo gasto e intercorrências, gerando três índices: volume por deglutição (ml, tempo por deglutição (s e capacidade de deglutição (ml/s. RESULTADOS: A capacidade de deglutição para homens foi menor do que a das mulheres, divergindo do estudo original. O tempo médio de cada deglutição e o volume médio por deglutição foi semelhante para ambos os gêneros. CONCLUSÃO: A capacidade de deglutição em idosos é inferior à de adultos normais, indicando lentificação da deglutição. A diferença entre gêneros encontrada no estudo original não foi reproduzida, entretanto nossa amostra foi mais idosa.PURPOSE: To compare the performance of Brazilian elderly patients living in a long-term care facility on the 100 ml water swallowing test with the results obtained with British elderly. METHODS: Eighteen elderly subjects (13 women and five men, mean age 83.46, residents in a long-term care facility and considered normal regarding the swallowing function, were selected to take part in this study. As in a British study, they were laterally observed by the examiner while swallowing 100 ml of water from a plastic cup. The examiner observed the number of sips, the time taken, and complications during the test, which generated the following indices: volume per swallow (ml, time per swallow (s, and swallowing capacity (ml/s. RESULTS: The elderly men had lower swallowing capacity than the women in the research

  8. Representations and uses of medicinal plants in elderly men Representaciones y usos de las plantas medicinales en mayores Representações e usos de plantas medicinais por homens idosos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Silvia Cristina da Silva Lima

    2012-08-01

    plantas medicinales.Objetivou-se, neste estudo, conhecer e compreender as representações sobre o uso de plantas medicinais por homens idosos, assistidos em Estratégias de Saúde da Família de Dourados, MS. Participaram deste estudo 18 homens idosos com idade igual ou superior a 60 anos, fazendo uso de quatro ou mais medicamentos. Trata-se de pesquisa qualitativa, descritiva e exploratória. Os resultados apontaram que ainda existe o consumo de plantas medicinais entre os idosos, principalmente no tratamento de morbidades menores. As representações sobre as plantas medicinais parecem ancoradas na concepção de segurança, ou seja, são naturais e apresentam poucos efeitos colaterais. Seu uso é feito concomitantemente com os medicamentos industrializados, sem atentar para os riscos das interações. Os homens idosos utilizam as plantas medicinais sem, no entanto, relatar aos profissionais de saúde. Logo, faz-se necessária a educação permanente da equipe de saúde e da enfermagem, voltada para a fitoterapia, visando contribuir para o uso seguro e eficaz das plantas medicinais.

  9. "Tô sentindo nada": percepções de pacientes idosos sobre o tratamento da hipertensão arterial sistêmica "I feel nothing": perceptions of elderly patients on the treatment of hypertension

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leonardo Oliveira Leão e Silva

    2013-01-01

    Full Text Available Este artigo objetivou identificar as percepções de pacientes idosos hipertensos em torno da terapêutica, relacionadas à adesão ou não ao tratamento medicamentoso. A amostra qualitativa foi constituída de 16 idosos, de ambos os sexos, com 60 anos ou mais, residentes em dois distritos rurais do município de Governador Valadares, que utilizavam algum medicamento para controle da pressão arterial e que tinham estado funcional independente e função cognitiva preservada. O método de coleta de dados utilizado foi a entrevista aberta em profundidade, com auxílio de um gravador de voz digital, realizada entre os meses de junho e setembro de 2010. A apuração das informações obtidas foi realizada segundo a técnica da análise de conteúdo, de Bardin. Contemplaram-se as categorias: Prática e conhecimento, Medidas Higienodietéticas (Alimentação, Exercícios físicos, Estresse e nervosismo e Tratamento medicamentoso. Os resultados mostraram que os idosos possuem conhecimentos adequados sobre hipertensão e tratamento, mas são impulsionados, durante a terapêutica, a agirem segundo suas opiniões e experiências socialmente compartilhadas. Ademais, os idosos hipertensos não-aderentes ao tratamento tendem a considerar a hipertensão como uma doença aguda, sintomática e ligada a estados emocionais. Conclui-se que, devido a essa percepção equivocada, torna-se necessário reavaliar as orientações fornecidas aos hipertensos pela equipe de saúde, devendo-se criar alternativas viáveis de promoção da saúde, para que ocorram mudanças de atitudes e práticas quanto à doença.This paper aims to identify the perceptions of elderly hypertensive patients about therapy, related or not to adherence to medication. The qualitative sample consisted of 16 elderly of both sexes, aged 60 and older living in two rural districts of the municipality of Governador Valadares, Brazil, who used some medication to control blood pressure and had

  10. Profile of the elderly in physical therapy and its relation to functional disability Perfil do idoso na fisioterapia e sua relação com a incapacidade funcional

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana L. S. Rossi

    2012-01-01

    perda da capacidade funcional e exigem assistência de longo prazo. OBJETIVOS: Descrever o perfil do idoso atendido no serviço de fisioterapia geriátrica e identificar fatores associados à incapacidade funcional. MÉTODO: Foi realizado estudo transversal descritivo analítico. Os prontuários dos idosos foram analisados por meio da primeira avaliação fisioterapêutica, que incluiu dados sociodemográficos, clínicos e de mobilidade. Para determinar o grau de deficiência (leve/ moderada, foi aplicado o Brazilian Multidimensional Functional Assessment Questionnaire (BOMFAQ. A análise descritiva e a regressão logística univariada foram realizadas, seguidas de regressão logística multivariada. RESULTADOS: A amostra foi composta por 130 pacientes idosos, com mais de 73,3±7,2 anos de idade, predominantemente do sexo feminino (63,9%, sedentários (71,5% e apresentando de três a quatro doenças (47,7%. A média de atividades com dificuldade no BOMFAQ foi de 6,7±4,8; 35 (26,9% indivíduos apresentaram incapacidade leve e 95 (73,1%, moderada. A característica que apresentou maior risco de incapacidade foi o autorrelato de saúde ruim (OR=12,4. Os fatores identificados, que juntos podem determinar o declínio funcional, foram sedentarismo, presença de tontura, polifarmácia e alta intensidade da dor. CONCLUSÕES: Os idosos atendidos pelo serviço de fisioterapia geriátrica mostraram um perfil associado com deficiência, caracterizada por fatores potencialmente modificáveis. Esse perfil também reforça a demanda por cuidados de longa duração para essa população.

  11. Profile of the elderly in physical therapy and its relation to functional disability Perfil do idoso na fisioterapia e sua relação com a incapacidade funcional

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana L. S. Rossi

    2013-02-01

    perda da capacidade funcional e exigem assistência de longo prazo. OBJETIVOS: Descrever o perfil do idoso atendido no serviço de fisioterapia geriátrica e identificar fatores associados à incapacidade funcional. MÉTODO: Foi realizado estudo transversal descritivo analítico. Os prontuários dos idosos foram analisados por meio da primeira avaliação fisioterapêutica, que incluiu dados sociodemográficos, clínicos e de mobilidade. Para determinar o grau de deficiência (leve/ moderada, foi aplicado o Brazilian Multidimensional Functional Assessment Questionnaire (BOMFAQ. A análise descritiva e a regressão logística univariada foram realizadas, seguidas de regressão logística multivariada. RESULTADOS: A amostra foi composta por 130 pacientes idosos, com mais de 73,3±7,2 anos de idade, predominantemente do sexo feminino (63,9%, sedentários (71,5% e apresentando de três a quatro doenças (47,7%. A média de atividades com dificuldade no BOMFAQ foi de 6,7±4,8; 35 (26,9% indivíduos apresentaram incapacidade leve e 95 (73,1%, moderada. A característica que apresentou maior risco de incapacidade foi o autorrelato de saúde ruim (OR=12,4. Os fatores identificados, que juntos podem determinar o declínio funcional, foram sedentarismo, presença de tontura, polifarmácia e alta intensidade da dor. CONCLUSÕES: Os idosos atendidos pelo serviço de fisioterapia geriátrica mostraram um perfil associado com deficiência, caracterizada por fatores potencialmente modificáveis. Esse perfil também reforça a demanda por cuidados de longa duração para essa população.

  12. Estudo da presença de fatores de riscos intrínsecos para quedas, em idosos institucionalizados Study of intrinsic risk factors for falls in institutionalized elderly people

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ruth Losada de Menezes

    2008-08-01

    Full Text Available Esta pesquisa teve como objetivo identificar a presença de fatores intrínsecos que predispõem a quedas em idosos moradores em instituições de longa permanência na cidade de Goiânia (GO. Trata-se de estudo descritivo transversal realizado em seis instituições de longa permanência para idosos existentes na cidade de Goiânia. A amostra da investigação constou de 95 idosos que atenderam aos critérios de inclusão e exclusão. Utilizou-se um questionário contendo dados clínicos relacionados às condições de saúde-doença; dados cognitivos; avaliação da capacidade para as atividades básicas de vida diária e avaliação do equilíbrio e marcha. Os idosos avaliados, no geral, apresentam vários fatores de risco, apontados pela literatura, para quedas, tais como: relato de dificuldade motora em membros inferiores (90%, déficit visual (81,1%, uso de três ou mais medicamentos (59,7%, suspeita de depressão (37,9%, falta de equilíbrio em apoio unipodal (37,9% e altura do passo anormalmente diminuída (32,6%. As informações obtidas nos permitem apontar condições determinantes que aumentam a possibilidade dos eventos queda acontecerem na amostra estudada, sinalizando à necessidade de que estratégias de promoção de saúde, prevenção de agravos e reabilitação devam ser tomadas.The objective of this research was to identify intrinsic risk factors that predispose elderly people living in long-term institutions in the city of Goiânia (GO to falls. The present descriptive transversal study was carried out in six long-term institutions for seniors in the city of Goiânia. The investigated sample consisted of 95 elderly that fitted the inclusion and exclusion criteria. A questionnaire was used for collecting clinical data related to health-disease conditions; cognitive data; capacity to develop basic daily life activities and equilibrium and gait. In general terms, as pointed out the literature, the examined elderly presented

  13. Ausência de relação entre hipertensão arterial sistêmica e desempenho cognitivo em idosos de uma comunidade Lack of relationship between hypertension and cognitive performance in community dwelling older adults

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabiana Regina Chinaglia de Freitas Di Nucci

    2010-01-01

    Full Text Available CONTEXTO: Pesquisas documentam que a hipertensão arterial pode estar envolvida no declínio cognitivo em pacientes idosos. Estima-se que até 60% dos idosos apresentem hipertensão arterial, tornando-os mais suscetíveis ao declínio cognitivo. OBJETIVO: Investigar a relação entre hipertensão arterial e desempenho cognitivo em idosos não portadores de demências ou depressão. MÉTODO: A amostra foi constituída por idosos participantes de pesquisa populacional em andamento sobre envelhecimento no município de Amparo (SP. Seguindo critérios de inclusão e exclusão, foram selecionados 80 homens e mulheres (40 hipertensos e 40 normotensos com idade igual ou superior a 60 anos, equivalentes quanto às variáveis sociodemográficas e de saúde. Para avaliar sintomas depressivos, foi utilizada a Geriatric Depression Scale (GDS. Os testes cognitivos utilizados foram a bateria neuropsicológica Consortium to Establish a Registry for Alzheimer's Disease (CERAD e o Teste do Desenho do Relógio e Dígitos ordem direta e inversa. A análise estatística foi realizada por meio de análise de regressão logística com modelo univariado e multivariado e análise de conglomerados (cluster analysis. RESULTADOS: Não foram encontradas diferenças estatisticamente significativas para as variáveis cognitivas entre os dois grupos. A diferença para fluência verbal aproximou-se da significância estatística (p = 0,075. CONCLUSÕES: Os resultados encontrados podem ser explicados pela adesão desta população pertencente à estratégia de saúde da família ao tratamento medicamentoso. Estudos longitudinais serão necessários para investigar a relação entre a hipertensão arterial e o declínio cognitivo na pessoa idosa.BACKGROUND: Studies suggest that hypertension might be involved in cognitive decline among older adults. It is estimated that up to 60% of older adults have hypertension, what makes them more vulnerable to cognitive decline. OBJECTIVE

  14. Análise dos serviços hospitalares clínicos aos idosos vítimas de acidentes e violências Analysis of hospital clinical services to elderly victims of accidents and violence

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Luiza Carvalho de Lima

    2010-09-01

    Full Text Available O aumento de idosos na população e a vida mais ativa permitem maior exposição a acidentes e violências nessa população. Realizou-se uma análise diagnóstica dos serviços hospitalares de atendimento às urgências e emergências às vítimas de acidentes e violências na população idosa de cinco capitais do Brasil. A investigação foi fundamentada nos princípios da triangulação de métodos, integrando as abordagens quantitativa, com a aplicação de questionários aos gestores e profissionais de serviços de atenção hospitalar, e qualitativa, em que foram realizadas entrevistas com gestores e profissionais. Com base nas diretrizes das políticas estudadas, observou-se que nenhuma das capitais cumpriu todos os requisitos, apresentando um atendimento deficiente caracterizado pela falta de estrutura para manter um acompanhante para o idoso, encaminhamentos para serviços de referência, protocolos clínicos específicos, fichas de notificação, suporte aos idosos, capacitação profissional e definição do fluxo para tal população. Os resultados demonstraram que os serviços de saúde selecionados não apresentam o perfil adequado e integral necessário ao atendimento aos idosos, demonstrando a necessidade de adequação desses serviços para o cumprimento das diretrizes das políticas analisadas.The increase of elderly population and more active life allow a greater exposure to accidents and violence in this population. A diagnostic analysis of hospital services for emergency and urgent care to victims of accidents and violence in the elderly population was carried out in five capitals of Brazil. The research was based on the principles of triangulation of methods, including quantitative approaches, through the application of questionnaires to managers and pre-hospital, hospital and rehabilitation service professionals, as well as qualitative, in which interviews were made with managers and professionals and with those in

  15. O perfil das internações do SUS para fratura osteoporótica de fêmur em idosos no Brasil: uma descrição do triênio 2006-2008 Characteristics of hospital admissions in the Unified National Health System for osteoporotic hip fracture in elderly people in Brazil, 2006-2008

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paula Chagas Bortolon

    2011-04-01

    Full Text Available A osteoporose é uma síndrome multifatorial do esqueleto, sendo a fratura de fêmur a mais séria consequência para idosos, devido à alta mortalidade e ao custo. Este trabalho descreveu as fraturas osteoporóticas de fêmur em idosos para o Brasil, no triênio 2006-2008. A Autorização de Internação Hospitalar (AIH foi utilizada como base secundária de dados e permitiu criar indicadores para fratura de fêmur em idosos. As proporções de idosos internados no Sistema Único de Saúde (SUS por esta causa chegaram a 1%. Os percentuais de internação e óbitos foram maiores no sexo feminino e aumentaram com a idade. Os gastos foram de aproximadamente 2% dos gastos do SUS para pessoas com 60 anos ou mais. A maioria das internações durou de um a sete dias; 50,1% ocorreram em hospitais filantrópicos; e 42,7% aconteceram fora do município de residência. Os resultados reforçam a necessidade de maior atenção para a osteoporose e mostram a relevância dos gastos públicos com internações de idosos por fratura osteoporótica de fêmur. A compreensão de tais internações auxilia a formulação de políticas de saúde para esta causa.Osteoporosis is a multifactorial syndrome of the skeletal system, and hip fracture is the most serious consequence for the elderly, due to the high mortality and cost. This article describes osteoporotic hip fractures in Brazilian elderly in 2006-2008. Secondary data were obtained from the Authorization Forms for Hospital Admissions (AIH and allowed the creation of indicators for hip fracture in elders. The proportion of elderly patients hospitalized for hip fractures in the Unified National Health System was 1%. The percentages of hospital admissions and deaths were higher in females, and increased with age. Hip fractures accounted for approximately 2% of health care expenditures for persons 60 years or older. Length of hospital stay ranged from one to seven days, 50.1% occurred in charity hospitals, and 42

  16. A terapia comunitária como um novo instrumento de cuidado para saúde mental do idoso La terapia comunitaria como un nuevo instrumento de cuidado para la salud mental del anciano The communitarian therapy as a new instrument of care for elderly mental health

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ianine Alves da Rocha

    2009-10-01

    Full Text Available A Terapia Comunitária vem surgindo como uma nova tecnologia de cuidado nos programas de inserção e apoio à saúde mental da população. Esta pesquisa exploratória tem como objetivo identificar o número de grupos de terapia comunitária com idosos no município de João Pessoa - PB, conhecer os principais temas apresentados pelos idosos e as estratégias utilizadas para o enfrentamento das dificuldades e revelar depoimentos relacionados à melhoria da qualidade de vida dos idosos. Os dados foram coletados nas fichas de registro das terapias, analisado numa abordagem quantitativa. Os resultados demonstraram que o problema mais freqüente nos idoso é o estresse, a estratégia de enfrentamento mais utilizada é a espiritualidade. A Terapia Comunitária vem contribuindo para saúde mental do idoso.La Terapia Comunitaria viene surgiendo como una nueva tecnología de cuidado en los programas de inserción y apoyo a la salud mental de la población como un todo. Esta investigación de carácter exploratorio tiene como objetivos: identificar el número de grupos de terapia comunitaria con ancianos en el municipio de João Pessoa, Paraíba, Brasil, conocer los principales temas que presentan los ancianos, así como las estrategias utilizadas para el enfrentamiento de las dificultades revelando las expresiones verbales relativas a la mejoría de la calidad de vida de los ancianos. Los datos fueron levantados en fichas de registro de las terapias, y analizados desde una perspectiva de abordaje cuantitativa. Los resultados demostraron que el problema más frecuente en los ancianos es el estrés, y la estrategia de enfrentamiento más utilizada es la espiritualidad. La Terapia Comunitaria viene contribuyendo para la mejora de la salud mental del anciano.The Communitarian Therapy comes appearing as a new technology of care in the programs of insertion and support to the mental health of the population. This exploratory research aims to identify the

  17. Características demográficas dos idosos vinculados ao sistema suplementar de saúde no Brasil Demographic characteristics of elderly people provided with supplementary health care

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renato Peixoto Veras

    2008-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar aspectos da cobertura da população idosa pelos planos de assistência médica na saúde suplementar e a caracterização sociodemográfica desses beneficiários. MÉTODOS: Estudo descritivo da população idosa do Brasil e dos estados de São Paulo e Rio de Janeiro, no ano de 2006. Foram utilizados dados do Sistema de Informações sobre Beneficiários da Agência Nacional de Saúde Suplementar e dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios. A análise foi conduzida considerando-se as variáveis: sexo, idade, distribuição por unidade federada, modalidade da operadora, tipo de contratação e segmentação do plano. RESULTADOS: As maiores coberturas na população geral foram observadas nas faixas etárias de 70 a 79 anos (26,7% e 80 anos e mais (30,2%. Entre as mulheres na faixa de 80 anos e mais, 33% possuíam plano privado de assistência médica, e entre os homens, esse percentual foi de 25,9%. Cerca de 80% dos beneficiários de planos de saúde encontravam-se nas regiões Sudeste e Sul, dos quais 55% no eixo Rio-São Paulo. As cooperativas médicas tiveram maior cobertura nas faixas mais jovens do que entre os idosos (39% e 34,5% respectivamente e os planos de autogestão tiveram participação mais significativa na cobertura de idosos no País (22,8% e 13,8%, respectivamente. CONCLUSÕES: A cobertura da população idosa pelos planos de assistência médica foi significativa e as faixas etárias iniciadas em 70 anos representaram o percentual de cobertura mais elevado entre a população brasileira, especialmente entre as mulheres.OBJECTIVE: To assess health coverage of elderly people receiving supplementary health care and these users' sociodemographic characteristics. METHODS: Descriptive study of elderly population living in Brazil and in the states of São Paulo and Rio de Janeiro in 2006. Data was collected from the National Supplementary Care Beneficiary Information System and the National Household

  18. Elaboração de um instrumento de coleta de dados para pesquisa com idosos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernanda Rochelly do Nascimento Mota

    2011-04-01

    Full Text Available Relato de experiência que visa demonstrar a importância da participação de acadêmicos de enfermagem na elaboração um instrumento de coleta de dados para avaliação das famílias com idosos. Para construção do instrumento, os discentes entraram em contato com o referencial teórico do estudo. Logo após elaborou-se o instrumento, realizando em seguida o teste piloto permitindo encontrar falhas relativas à clareza e objetividade das questões. Posteriormente readaptou-se e aplicou-se nas famílias com idosos. Após a coleta de dados instrumento mostrou-se adequado para estudos a serem realizados nas áreas de abrangência da Estratégia Saúde da Família. Além disso, a pesquisa possibilitou o desenvolvimento do senso crítico, criatividade e raciocínio científico dos graduandos envolvidos nesta.

  19. Autopercepção da perda de dentes em idosos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Beatriz Unfer

    2006-06-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi analisar as percepções de um grupo de idosos sobre a perda de dentes. Realizou-se uma pesquisa qualitativa que utilizou O Discurso do Sujeito Coletivo como técnica metodológica para a ordenação dos dados. A análise das entrevistas e a construção do Discurso do Sujeito Coletivo revelaram informações sobre os pensamentos e valores associados à perda de dentes no grupo. Os principais resultados sugerem que a falta de dentes trouxe problemas funcionais e psicológicos, mas que parecem ser compensados pela resolução do problema estético. As justificativas reveladas pelo sujeito coletivo para o edentulismo refletem predominantemente o modelo de atenção à saúde, em que predominam procedimentos cirúrgico-restauradores e reabilitadores, em detrimento de ações preventivas e educativas. Desta forma, torna-se imprescindível o desenvolvimento de iniciativas no campo da educação e prevenção em saúde bucal, enfatizando ações voltadas para a atenção integral do idoso, destacando-se a dimensão social das doenças e o papel do Estado como provedor da saúde e da qualidade de vida de todos os cidadãos.

  20. Fatores associados à fragilidade em idosos hospitalizados: uma revisão integrativa

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Júlio César Guimarães Freire

    Full Text Available RESUMO Objetivou-se sintetizar e avaliar a produção do conhecimento sobre os fatores significativamente associados à fragilidade em idosos hospitalizados. Para isso, foram consultadas as bases de dados Medical Literature and Retrieval System Online (Medline, Literatura Latino-Americana em Ciências da Saúde (Lilacs e Índice Bibliográfico Español em Ciencias de la Salud (Ibecs, de 2012 a 2016, cuja análise de 20 artigos identificou fatores associados à fragilidade: maior mortalidade hospitalar e após alta, longa hospitalização, reinternação, transferências, idade avançada, sexo feminino e viuvez, além de fatores psicossociais, físicos e/ou funcionais. Espera-se que os resultados da revisão facilitem o aprimoramento de práticas e a tomada de decisão das equipes multiprofissionais que prestam assistência ao idoso no ambiente hospitalar.

  1. A síndrome de Charles Bonnet e o problema dos transtornos de percepção visual nos idosos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    German E. Berrios

    2011-09-01

    Full Text Available A literatura, clássica ou recente, sobre os transtornos de percepção nos idosos é revisada. A utilidade do conceito de Síndrome de Charles Bonnet, um epônimo originalmente proposto para descrever as alucinações visuais nos idosos na ausência de prejuízos cognitivos e de oftalmopatia periférica é contestada, principalmente devido à síndrome ter sido progressivamente ampliada. Descrevemos três casos representativos de pacientes idosos que desenvolveram diferentes tipos de transtornos de percepção visual. Propomos a condução de estudos sistemáticos da frequência de tais transtornos nos idosos e de quais outras patologias, particularmente cognitivas e visuais que possam estar associadas a eles.

  2. Auto-relato e relato de informante secundário na avaliação da saúde em idosos

    OpenAIRE

    Jardim, Renata; Barreto, Sandhi Maria; Giatti, Luana

    2010-01-01

    OBJETIVO: Analisar se o modelo explicativo para a avaliação da saúde do idoso com base no auto-relato é comparável com o modelo de relato do informante secundário e se a auto-avaliação de saúde do informante secundário influencia a avaliação da saúde do idoso. MÉTODOS: Estudo transversal com 230 pares idoso-informante secundário realizado em Belo Horizonte, MG, em 2007. Foram investigadas variáveis sociodemográficas e de saúde dos idosos por meio de entrevista estruturada. Utilizou-se regress...

  3. As vivências do cuidador informal do idoso dependente Las experiencias de los cuidadores informales de ancianos dependientes The experiences of informal caregivers of dependent elderly

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Dídia Carolina Miranda Cruz

    2010-12-01

    Full Text Available Numa sociedade cada vez mais envelhecida, onde se verifica um aumento significativo das necessidades em saúde dos idosos, emerge como foco de atenção o cuidado informal à pessoa idosa dependente, cuja responsabilidade cabe prioritariamente à família. Cuidar de quem cuida é uma responsabilidade e deverá ser uma preocupação de todos os profissionais de saúde, em especial dos Enfermeiros, devendo ser a sua intervenção centrada no equilíbrio da dinâmica cuidador/idoso. Este equilíbrio é facilmente perturbado pelo cuidado informal ao idoso dependente, motivo pelo qual elaborámos o presente artigo com o objectivo de descrever as vivências sentidas pelo cuidador informal, encontradas na produção científica disponível. A pesquisa foi realizada nas seguintes bases de dados: CINAHL, MedicLatina, MEDLINE, Psychology and Behavioral Sciences Collection; Repositório Científico de Acesso Aberto de Portugal; The Cochrane Library, DynaMed; SciELO; e Google Scholar, conduzindo a uma amostra de 17 estudos primários e uma revisão sistemática da literatura. Os principais resultados encontrados evidenciam alguns eixos, em torno dos quais se constroem as vivências do cuidador informal do idoso dependente, nomeadamente: os motivos de aceitação do papel; as dificuldades; as estratégias de coping; os factores relacionados com a sobrecarga e as fontes de satisfação que advêm do acto de cuidar.En una sociedad cada vez más envejecida, donde hay un aumento significativo de las necesidades de salud de las personas mayores, surge como un foco de atención informal a la persona mayor dependiente, cuya responsabilidad corresponde principalmente a la familia. El cuidado del cuidador es una responsabilidad y debe ser una preocupación para todos los profesionales de la salud, especialmente las enfermeras, su intervención debe centrarse en el equilibrio dinámico del cuidador / anciano. Este equilibrio se altera fácilmente por el cuidado

  4. Uso de serviços odontológicos entre