WorldWideScience

Sample records for intervalo entre partos

  1. Estimación de la Heterosis para Producción de Leche Vendible, Intervalo entre Partos y Duración de la Lactancia en Ganado Cruzado

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Montoya S. Camilo

    1998-12-01

    Full Text Available En la presente investigación se revisaron 4948 datos referentes a lactancias de vacas en razas B taurus y B indicus, los cuales se obtuvieron entre los años 1986 y 1994 en las Ganaderías La Unión y La K, localizadas en los municipios Plato y Santa Ana en el departamento de Magdalena; San Fernando Pinillos y Magangué en el departamento de Bolívar; y Playones de Sucre y Buenavista en el departamento de Sucre. Para determinar la influencia de los diferentes efectos tanto genéticos como no genéticos sobre las características a estudiar, se utilizó el programa de mínimos cuadrados de Harvey (1988. Los efectos tenidos en cuenta en los modelos para las características leche vendible, días de lactancia e intervalo entre partos fueron: El grupo genético materno, la época y año de parto, número de parto, y hato. Como cavariables se tuvieron en cuenta el peso al destete, la producción de leche duración de la lactancia y el intervalo entre partos según el modelo a estudiar. De los factores 110 genéticos la gran mayoría dieron efecto significativo a los niveles del (P~0.05; no presentaron significancia la época para la duració1l de la lactancia y el grupo genético para el intervalo entre partos; y las covariables intervalo entre partos para la producción de leche y producción de leche en el modelo para el intervalo entre partos. La estimación de la heterosis se hizo una vez realizados los contrastes ortogonales entre los grupos genéticos para las características en las cuales el grupo racial presentó significancia en los ANAVAS. La heterosis obtenida para la producción de leche teniendo como base el promedio de las raza Criolla y el promedio entre el Criollo y el Cebú fue respectivamente: ½ Taurus-1/2 Criollo (17.95% y 22.5%; ½ Taurus - ½ Cebú (9% y 14%; Trihíbrido (7.7% y 11. 7%; ¼ Taurus- ¾ Cebú (5% y 9%; ½ Cebú- ½ Criollo (1.05% y 4.8%; y el ¾ Cebú- ½ Criollo (-7.88% y -4.46%; todas altamente

  2. Intervalo de partos em rebanho Nelore na Amazônia Oriental

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cavalcante Francisco Aloísio

    2000-01-01

    Full Text Available O estudo foi conduzido para avaliar intervalo de partos (IDP na raça Nelore, utilizando 578 dados de intervalo de partos de animais criados em regime de pasto, no período de 1988 a 1996. Para as análises estatísticas dos dados, foi usado o Programa SAS (Statistical Analysis System. Foram incluídos no modelo o efeito aleatório do pai da vaca, os efeitos fixos de grupo genético da cria anterior, de ano do parto anterior e do mês do parto anterior e as interações entre grupo genético anterior e mês do parto anterior, grupo genético anterior e ano do parto anterior, além da idade da vaca ao parto como covariável. O IDP foi influenciado pelo pai da vaca e pelo ano do parto anterior. A média estimada por quadrado mínimo e seu respectivo erro-padrão (EP e coeficiente de variação (CV foram 431,83 ± 142,76 dias e 33,06%, respectivamente. O intervalo de partos, além do efeito de pai, sofreu influência de ambiente. O desempenho reprodutivo do rebanho estudado, para as condições de clima tropical, pode ser considerado como satisfatório, estando de acordo com os parâmetros obtidos por outros autores em diferentes regiões.

  3. FACTORES AMBIENTALES QUE AFECTAN LA EDAD AL PRIMER PARTO Y PRIMER INTERVALO DE PARTOS EN VACAS DEL SISTEMA DOBLE PROPOSITO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Caty Martínez B

    2009-04-01

    Full Text Available Objetivo. Determinar los factores que influyen en la edad al primer parto (AFC y primer intervalo de parto (PIDP en hembras bovinas bajo el sistema de doble propósito, en la finca “El Rodeo”, municipio de Magangué, Bolívar - Colombia. Materiales y métodos. Se analizaron 379 datos provenientes de los registros productivos entre los años 1993 hasta 2002, usando el programa estadístico GLM del Statistical Analysis System, donde se obtuvieron la media y el error estándar de cada fuente de variación. En el análisis se consideraron los efectos de año de parto, época de parto, edad al primer parto (no se consideró para EPP, sexo de la cría, grupo racial y peso a los 24 meses. Resultados. La media para la EPP y PIDP fue de 38.9 ± 3.9 meses y 469.2 ± 9 días, respectivamente, donde el efecto época de parto, fue significativo para la duración del PIDP. Los efectos sexo de la cría, peso a los 24 meses y época, no fueron significativos sobre la EPP. Los efectos año de parto, edad al primer parto, sexo de la cría, peso a los 24 meses no fueron significativos sobre el PIDP. Conclusiones. La EPP y PIDP fueron afectados por el año y la época de parto, respectivamente.

  4. FACTORES QUE AFECTAN EL INTERVALO PARTO PRIMER SERVICIO EN VACAS LECHERAS DE CRIANZA INTENSIVA

    OpenAIRE

    Evaristo R., Roberto; Práctica privada; Echevarría C., Luisa; Laboratorio de Reproducción, Facultad de Medicina Veterinaria, Universidad Nacional Mayor de San Marcos, Lima.

    2014-01-01

    Se estudiaron 128 vacas lecheras pertenecientes a 5 establos de Lima con un sistema de manejo intensivo. Se determinó los siguientes parámetros reproductivos: Intervalo Parto Primer Servicio (IPPS) e Intervalo Parto Primera Ovulación (IPPO). El IPPO fue obtenido por niveles de progesterona de leche descremada mediante la técnica del Radio Inmuno Análisis (RIA). La frecuencia del muestreo se hizo dos veces por semana desde el quinceavo día postparto hasta la primera inseminación Artificial (IA...

  5. ESTIMACIÓN DE LA HEREDABILIDAD DEL INTERVALO DE PARTOS EN BOVINOS CRUZADOS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Oscar Vergara G

    2008-04-01

    Full Text Available Objetivo. Estimar la heredabilidad del intervalo de partos en bovinos cruzados. Materiales y métodos. Se utilizó información de la base de datos de la hacienda La Leyenda, ubicada en el municipio de Caucasia (Antioquia. Se realizó un análisis uni-característico empleando el modelo animal. En el modelo se consideraron los efectos fijos del grupo genético, año de nacimiento, época de nacimiento y el número de partos y como efectos aleatorios, el efecto aditivo directo, de ambiente permanente y residual. Resultados. Se obtuvo una heredabilidad de 0.15 ± 0.07 y una media fenotípica de 544 ± 97 días. Conclusión. La heredabilidad para el intervalo de partos fue baja, por lo que se puede lograr poco progreso genético seleccionando para esta característica.

  6. FACTORES QUE AFECTAN EL INTERVALO PARTO-PRIMER SERVICIO Y PRIMER SERVICIO-CONCEPCIÓN EN VACAS LECHERAS DEL VALLE DEL MANTARO DURANTE LA ÉPOCA LLUVIOSA.

    OpenAIRE

    Arana D., Carlos; Estación Experimental IVITA-El Mantaro, Facultad de Medicina Veterinaria, Universidad Nacional Mayor de San Marcos, Lima Perú.; Echevarría C., Luisa; Laboratorio de Reproducción Animal, Facultad de Medicina Veterinaria, Universidad Nacional Mayor de San Marcos, Lima Perú.; Segura C., Julia; Facultad de Veterinaria y Zootecnia, Universidad Peruana Cayetano Heredia

    2012-01-01

    Se realizó un seguimiento reproductivo en 40 vacas lecheras del valle delMantaro (Junín, Perú), pertenecientes a 6 establos, durante la época lluviosa. Se determinó el intervalo parto-primera ovulación (IPPO), el intervalo parto-primer servicio (IPPS), y el intervalo parto-concepción (IPC), midiendo el efecto de raza, número de parto, producción de leche, establo y nivel tecnológico. El IPPO se determinó a través de niveles de progesterona mediante radioinmunoensayo en muestras de leche descr...

  7. Intervalos entre tratamentos inseticidas Interval between insecticide treatments

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz O. T. Mendes

    1959-01-01

    Full Text Available Admitindo que as populações de insetos crescem segundo a lei logística, o autor, partindo de uma equação que a descreve, apresenta uma fórmula que permite estabelecer o intervalo de tempo que deve decorrer entre os tratamentos inseticidas, para que a infestação por uma praga não exceda um limite pré-estabelecido. O valor de t (intervalo, expresso em número de gerações do inseto depende do potencial biótico da espécie, da eficiência do inseticida e do nível de infestação que se estabelecer como máximo permissível. Os resultados teóricos são discutidos e mostram a possibilidade de sua comprovação por meio de populações de insetos mantidas em laboratório, como fase preliminar à sua aplicação no campo.Based on the assumption that the growth of insect populations follows the logistic law, the author developed an equation for the determination of the time interval between insecticide treatments: t= {lpg [100-Po (1-E / (1 - E (100 -Po]} / log p where t = time interval between treatments expressed in number of generations of the species; Po = maximum percentage of infestation, that must not be surpassed (from 0,00 to 100,00; E = efficiency of the insecticide (from 0,00 to 1,00; p = reproduction potential of the species. The theoretical results are discussed.

  8. Impacto econômico do intervalo de partos em rebanhos bovinos leiteiros Economic impact of calving interval on dairy cattle herds

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcos Aurélio Lopes

    2009-01-01

    Full Text Available Conduziu-se esta pesquisa com o objetivo de avaliar e quantificar o impacto econômico do intervalo de partos em rebanhos de gado de leite. Foram simulados, no software Dimensionamento e Evolução de Rebanhos Bovinos, três rebanhos bovinos leiteiros, de um sistema de produção hipotético composto por 25 fêmeas, da raça holandesa, com média de produção diária de 15 kg, com idade ao primeiro parto de 30 meses, mantidas em 200 ha cultivados com pastagem de Brachiaria decumbens Stapf. com capacidade de suporte de 1UA/ha/ano. A equivalência entre as categorias animais utilizadas foram: matrizes 1,30; fêmeas de 0 - 1 ano 0,30; fêmea de 1-2 anos 0,71; fêmeas de 2-3 anos 1,01 UA/ha. Os três rebanhos possuiam as mesmas taxas de descarte (20% e mortalidade (3% de 0 a 1 ano; 2% de a 1 a 2 anos e 1% de 2 a 3 anos diferindo apenas as taxas de natalidade, quais sejam 100; 80 e 60%, para os casos 1; 2 e 3, respectivamente refletindo em intervalos de partos de 365, 510 e 657 dias. A simulação do impacto econômico foi realizada no aplicativo MS Excel®. O intervalo de partos, afetou diretamente a composição e a evolução do rebanho e influenciou a rentabilidade da atividade leiteira, sendo mais eficiente o índice de natalidade 100%, ou seja, intervalo de partos de 12 meses.The aim of this study was to quantify and evaluate the economic impact of calving interval on dairy herd. A simulation using a Dimensioning and Evolution of Bovine Herd software was conducted on three dairy herds from a hypothetical production system composed by 25 females of Holstein breed, having an average of 15 kg daily milk production, at an age of 30 months after the first calving, kept in a 200 ha Brachiaria decumbens Stapf. pasture presenting an 1AU/ha/year support capacity. The equivalence among the tested animal categories were: dam cows 1.30; females of 0-1 year 0.30; females of 1-2 years 0.71; females of 2-3 years 1.01n AU/ha. The three herds showed the same

  9. Fatores genéticos e de ambiente sobre o intervalo de partos de cabras leiteiras no semi-árido nordestino Genetic and environmental factors affecting the kidding interval of dairy goats in the semi-arid Northeastern

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Lindenberg Rocha Sarmento

    2003-08-01

    Full Text Available Objetivou-se estudar a influência de efeitos genéticos e ambientais sobre o intervalo de partos, utilizando-se 486 registros de parição de cabras leiteiras mestiças criadas entre 1988 e 1996, no Estado da Paraíba. Os efeitos ambientais foram analisados pelo procedimento GLM do SAS por meio de um modelo que incluiu os efeitos fixos de grupo contemporâneo e tipo de parto, as covariáveis idade da cabra ao parto e duração da lactação e os efeitos aleatórios de bode e cabra dentro de bode e erro. O programa MTDFREML foi usado para estimar os parâmetros genéticos sob modelo animal, que incluía os mesmos efeitos fixos e covariáveis do modelo anterior. Como aleatórios foram considerados os efeitos genético aditivo, permanente de meio e erro. O intervalo de parto médio obtido foi 275,55 ± 60,96 dias. Os efeitos de grupo contemporâneo e duração da lactação influenciaram o intervalo de partos. As estimativas de herdabilidade e repetibilidade foram de baixa magnitude, 0,09 e 0,09, respectivamente, indicando que reduções mais rápidas nessa característica seriam obtidas por meio de melhorias no manejo.The aims of this study were evaluate influence of the environmental and genetic effects on the kidding interval, using 486 records of kidding crossbred dairy goats obtained from 1988 to 1996 in Paraiba State. The environmental effects were analyzed by means of the procedure GLM of the SAS with a model that included as fixed factors the contemporary group and kidding type, and covariates age of goat at kidding and lactation length. Buck, goat inside of the buck and error were included as random effects. MTDFREML program was used in the analysis with an animal model containing the contemporary group and kidding type, the linear and quadratic effects of age of kidding and lactation length as fixed effects. Animal and permanent environmental and error were included as random effects. The least-square means of kidding interval was 275

  10. Indução do Parto com Misoprostol: Comparação entre duas Doses

    OpenAIRE

    Araújo,Dimas Augusto Carvalho de; Oliveira,Luiz Carlos Navarro de; Oliveira,Isabel Cristina Navarro de; Porto,Daniela Dias Paiva; Oliveira,Sérgio Vilela de; Junqueira,Frederico Henrique Oliveira; Andrade,Amaury Teixeira Leite

    1999-01-01

    Objetivo: comparar a eficácia e segurança entre duas doses de misoprostol administradas por via vaginal para amadurecimento cervical e indução do parto. Pacientes e Métodos: sessenta e uma pacientes com indicação médica para indução do parto e colo desfavorável foram incluídas neste estudo. Vinte e oito pacientes receberam 25 µg e trinta e três 50 µg de misoprostol, a intervalos de 4 horas, até um período máximo de 24 horas. Resultados: a rotura prematura de membranas, gestação prolongada e d...

  11. Idade ao primeiro parto e intervalo de partos de cinco grupos genéticos Holandês x Gir no Brasil Age at first calving and calving interval of five Holstein x Gir genetic groups in Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Olivardo Facó

    2005-12-01

    Full Text Available Tendo em vista a grande importância dos bovinos mestiços Holandês x Gir (H x G nos sistemas de produção de leite no Brasil e a íntima relação entre a reprodução e a produtividade destes sistemas, foram obtidos registros de partos e datas de nascimento junto à Associação Brasileira dos Criadores de Girolando, no intuito de avaliar o desempenho reprodutivo de vários grupos genéticos HxG. Os dados, num total de 2.600 registros de idade ao primeiro parto (IPP e 3.763 de intervalos de partos (IDP, foram analisados por meio do procedimento GLM do pacote estatístico SAS (1999. As comparações do desempenho dos grupos genéticos foram feitas por meio de modelos classificatórios incluindo o efeito de grupo genético. Foram feitas estimativas dos efeitos genéticos, isto é, da diferença aditiva entre Holandês e Gir, do efeito de dominância e do efeito epistático aditivo x aditivo, utilizando-se modelos de regressão. O grupo meio-sangue apresentou desempenho superior, ou seja, menores IPP e IDP. Foi observada tendência de elevação do IDP com o aumento da proporção de genes da raça Holandesa. O efeito de dominância influenciou significativamente as duas características estudadas, enquanto o efeito de interação epistática do tipo aditivo x aditivo influenciou significativamente apenas a IPP. Os resultados indicaram que a perda de interações epistáticas favoráveis contribuiu para a alta IPP no grupo 5/8 Holandês.Reproduction efficiency of Holstein x Gir crossbred animals in Brazilian dairy farms were evaluated using data provided by the Brazilian Association of Girolando. A total of 2,600 records of age at first calving (IPP and 3,763 records of calving intervals (IDP were analyzed using the SAS® GLM procedure. Estimates of genetics effects: additive difference between Holstein and Gir breeds, dominance and additive x additive epistatic effects were obtained by regression models including genetic groups to model the

  12. Indução do Parto com Misoprostol: Comparação entre duas Doses Labor Induction with Misoprostol: Comparison of Two Dose Regimens

    OpenAIRE

    Dimas Augusto Carvalho de Araújo; Luiz Carlos Navarro de Oliveira; Isabel Cristina Navarro de Oliveira; Daniela Dias Paiva Porto; Sérgio Vilela de Oliveira; Frederico Henrique Oliveira Junqueira; Amaury Teixeira Leite Andrade

    1999-01-01

    Objetivo: comparar a eficácia e segurança entre duas doses de misoprostol administradas por via vaginal para amadurecimento cervical e indução do parto. Pacientes e Métodos: sessenta e uma pacientes com indicação médica para indução do parto e colo desfavorável foram incluídas neste estudo. Vinte e oito pacientes receberam 25 µg e trinta e três 50 µg de misoprostol, a intervalos de 4 horas, até um período máximo de 24 horas. Resultados: a rotura prematura de membranas, gestação prolongada e d...

  13. Entre lo formal y lo sustantivo: La calidad de la asistencia al parto en el Uruguay

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Natalia Magnone Alemán

    Full Text Available Resumen Este artículo aborda una de las formas de violencia de género, la violencia en el marco de la asistencia al parto, contrastando los derechos sociales contenidos en la Ley de Salud Reproductiva uruguaya con el escenario donde se desarrolla la asistencia al parto. Para la discusión se tomaron entrevistas a personal de salud obstétrico y mujeres que han transitado por una experiencia de parto, realizadas en el marco de una maestría en sociología concluida y de un doctorado en curso. Como principal resultado aparece una distancia importante entre lo formal y lo sustantivo, siendo la violencia simbólica, expresada fundamentalmente a través de la relación médico-paciente, uno de los obstáculos para que “los derechos sean hechos”. En las conclusiones se exponen propuestas para mejorar el respeto de los derechos de las mujeres en la asistencia al parto, referidos a un cambio de enfoque que resulte en la transformación del modelo de asistencia y de los/as profesionales que asisten.

  14. Indução do Parto com Misoprostol: Comparação entre duas Doses Labor Induction with Misoprostol: Comparison of Two Dose Regimens

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Dimas Augusto Carvalho de Araújo

    1999-10-01

    Full Text Available Objetivo: comparar a eficácia e segurança entre duas doses de misoprostol administradas por via vaginal para amadurecimento cervical e indução do parto. Pacientes e Métodos: sessenta e uma pacientes com indicação médica para indução do parto e colo desfavorável foram incluídas neste estudo. Vinte e oito pacientes receberam 25 µg e trinta e três 50 µg de misoprostol, a intervalos de 4 horas, até um período máximo de 24 horas. Resultados: a rotura prematura de membranas, gestação prolongada e doença hipertensiva específica da gestação foram as principais indicações para a indução do parto. O intervalo de tempo, em minutos, entre inserção do misoprostol até o parto vaginal foi similar nos grupos de 25 µg (416,3 ± 148,1 e 50 µg (425 ± 135,9. A porcentagem de parto vaginal foi de 82,2% e 81,9% nos grupos de 25 e 50 µg, respectivamente. Não houve diferença significativa entre os grupos no que se refere a complicações maternas e fetais. Conclusões: a administração de misoprostol por via vaginal mostrou-se um método eficiente e seguro para o amadurecimento cervical e indução do parto. A dose de 25 µg mostrou ter eficácia e segurança comparável à de 50 µg.Purpose: to compare the efficacy and safety between two doses of intravaginal misoprostol for cervical ripening and induction of labor. Patients and Methods: sixty-one patients with medical indication for induction of labor and unfavorable cervix were included in this study. Twenty-eight of them received 25 µg and thirty-three 50 µg misoprostol, every four hours until delivery. Results: premature rupture of membranes, prolonged gestation and preeclampsia were the main indications for labor induction. The time interval, in minutes, from insertion of misoprostol until delivery was similar for the 25 µg (416.3 ± 148.1 and 50 µg (425.0 ± 135.9 groups. The percentage of vaginal delivery was 82.2% and 81.9% in the groups of 25µg and 50 µg

  15. Prevalência e fatores associados à prematuridade entre gestantes submetidas à inibição de trabalho de parto prematuro Prevalence and risk factors associated to preterm delivery among pregnant women submitted to preterm labor inhibition treatment

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lucila Coca Bezerra

    2006-06-01

    Full Text Available OBJETIVOS: identificar a prevalência de parto prematuro em gestantes submetidas ao tratamento de inibição de trabalho de parto prematuro e analisar os fatores associados. MÉTODOS: estudo transversal, com dados coletados de 163 prontuários de gestantes submetidas a tratamento de inibição de trabalho de parto prematuro atendidas em 1995-2000, no Hospital Universitário da Universidade de São Paulo, Brasil. A variável dependente constituiu-se na ocorrência de parto prematuro e as independentes foram: idade, escolaridade, ocupação, paridade, companheiro, tabagismo, infecção urinária prévia, número de consultas pré-natal e intervalo interpartal. A análise foi feita pelo teste de associação pelo Qui-quadrado e modelos de regressão logística univariado e múltiplo. RESULTADOS: 66,3% das gestantes tiveram filhos prematuros e, em 22,7% dos casos, o parto ocorreu antes de 34 semanas. Houve associação estatística significativa entre parto prematuro e ser nulípara e apresentar número baixo de consultas pré-natal. CONCLUSÕES: atenção especial deve ser dada às gestantes nulíparas e com número reduzido de consulta pré-natal submetidas ao tratamento de inibição de trabalho de parto prematuro, com a finalidade de prevenir esse evento.OBJECTIVES: to identify preterm delivery prevalence in pregnant women submitted to preterm delivery inhibition treatment and to analyze associated factors. METHODS: cross sectional study with data collected from 163 pregnant women medical files seen from 1995-2000 at the University Hospital of the University of São Paulo, Brazil. The dependent variable was preterm delivery and the independent ones were: age, education, job, parity, companion, smoking, prior urinary infection, number of prenatal medical visits and birth interval. Analysis was performed through association by the Chi-square test and univariate and multiple logistic regression models. RESULTS: 66.3% of the women had preterm

  16. Efeito do Exercício com 1 e 3 Minutos de Intervalo de Descanso Entre as Séries na Atividade Sérica das Transaminases

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ramon Martins Alves

    2011-12-01

    Full Text Available O treinamento de força (TF intenso ocasiona danos na estrutura muscular, que podem ser detectados por meio de marcadores indiretos. OBJETIVO. Verificar se há alterações na atividade da creatina quinase (CK, da aspartato transaminase (AST e alanina transaminase (ALT com o TF em diferentes intervalos entre séries e exercícios. MÉTODOS. Treze voluntários (± 21,8 anos; ±173,6 cm; ±68,3 kg realizaram o teste de uma repetição máxima (1RM nos exercícios: supino reto, puxada (pulley, desenvolvimento sentado, tríceps (pulley e rosca bíceps. Após sete dias, todos foram submetidos a uma coleta de sangue (PRE e realizaram 4 séries máximas até a falha concêntrica com intensidade de 85% de 1RM e intervalos de 1 ou 3 minutos entre as séries e exercícios. Todos retornaram ao mesmo local 24, 48 e 72 horas após a sessão para mais uma coleta de sangue. Repetindo os procedimentos após uma semana, porém os voluntários que realizaram o teste com intervalo de 1 minuto na semana seguinte manteriam intervalos de 3 minutos e vice-versa. Realizou-se ANOVA mantendo como significância p<0,05. RESULTADOS. Houve redução significativa do número de repetições a cada série de todos os exercícios com 1 e 3 minutos de intervalo. Observou-se um aumento significativo da atividade sérica de CK e de AST 24, 48 e 72 horas utilizando ambos os intervalos. ALT não se alterou. CONCLUSÃO. O TF causou aumento na atividade de CK e AST, mas sem apresentar diferenças com os intervalos utilizados. Porém, pequenos intervalos reduzem o volume total de repetições.

  17. Efeito do ensacamento de cachos de banana 'Nanicão' na produção e no intervalo entre inflorescência e colheita

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Costa José Nilton Medeiros

    2002-01-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito do ensacamento de cachos de bananas (Musa sp. AAA, cultivar Nanicão, em diferentes épocas, na produção e no intervalo entre inflorescência e colheita. O experimento foi realizado no Município de Tietê, SP, em blocos ao acaso, em esquema fatorial 2x3, com quatro repetições. O ensacamento foi efetuado com sacos de polietileno em três épocas: 21/5/96, 17/12/96 e 26/2/97. Foram avaliados o intervalo entre emergência da inflorescência e colheita, a massa do cacho e o comprimento, diâmetro e densidade do fruto. A interação ensacamento x épocas não foi significativa em relação a nenhuma das variáveis. O ensacamento diminuiu o intervalo entre a emergência da inflorescência e a colheita na primeira (21/5/96 e segunda época (17/12/96.

  18. Associação entre síndromes hipertensivas e hemorragia pós-parto

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mariana Torreglosa Ruiz

    Full Text Available RESUMO Objetivo Investigar a associação entre síndromes hipertensivas e hemorragia pós-parto (HPP através da mensuração do nível de hemoglobina (Hb e hematócrito (Ht em mulheres atendidas em um hospital universitário do interior paulista. Métodos Estudo epidemiológico, seccional, realizado com 100 primíparas, no período entre agosto e dezembro de 2012. Realizaram-se dosagens de hemoglobina e hematócrito na admissão da parturiente e 48 horas pós-parto. Consideraram-se como HPP valores ≥ queda de 10% do valor do hematócrito da admissão. A HPP foi considerada variável dependente, e as variáveis independentes consideradas foram as socioeconômicas, patológicas, assistência pré-natal, admissão, parto e assistência. Utilizaram-se análises estatísticas uni e bivariadas, com nível de significância de 5%. Resultados As síndromes hipertensivas foram as doenças mais frequentes; houve presença de correlação positiva entre a queda nos níveis de Ht e Hb e não se identificou uma associação entre síndromes hipertensivas e HPP. Conclusões Primíparas portadoras de síndromes hipertensivas não apresentaram maior probabilidade de HPP.

  19. Measuring quality indicators in the operating room: cleaning and turnover time Mensuración de indicadores de calidad en un centro quirúrgico: tiempo de limpieza e intervalo entre cirugías Mensuração de indicadores de qualidade em centro cirúrgico: tempo de limpeza e intervalo entre cirurgias

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marli de Carvalho Jericó

    2011-10-01

    Full Text Available This exploratory-descriptive study was carried out in the Surgical Center Unit of a university hospital aiming to measure time spent with concurrent cleaning performed by the cleaning service and turnover time and also investigated potential associations between cleaning time and the surgery's magnitude and specialty, period of the day and the room's size. The sample consisted of 101 surgeries, computing cleaning time and 60 surgeries, computing turnover time. The Kaplan-Meier method was used to analyze time and Pearson's correlation to study potential correlations. The time spent in concurrent cleaning was 7.1 minutes and turnover time was 35.6 minutes. No association between cleaning time and the other variables was found. These findings can support nurses in the efficient use of resources thereby speeding up the work process in the operating room.Este estudio exploratorio y descriptivo fue conducido en la Unidad de Centro Quirúrgico de un hospital de enseñanza teniendo por objetivos mensurar el tiempo utilizado para limpieza concurrente en sala de operación (por el Servicio de Higiene y Limpieza y el intervalo entre las cirugías; e, investigar las asociaciones entre: tiempo de limpieza, porte de la cirugía, especialidad de la cirugía, período de ocurrencia y tamaño de la sala. El estudio fue constituido de 101 casos de limpieza (estudio de tiempo de limpieza y 60 cirugías (estudio de intervalo entre cirugías. El método de Kaplan-Meier fue utilizado para el análisis del tiempo y la correlación de Pearson para el estudio de las asociaciones. El tiempo promedio de limpieza concurrente de la sala fue de 7,1 minutos y el del intervalo entre cirugías de 35,6 minutos. No fue encontrada correlación entre el tiempo de limpieza y las demás variables. Estos hallazgos instrumentalizan a los enfermeros en el uso eficiente de recursos, agilizando el proceso de trabajo en el Centro Quirúrgico.Este estudo exploratório-descritivo foi

  20. Associação entre fatores institucionais, perfil da assistência ao parto e as taxas de cesariana em Santa Catarina

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo Fontoura Freitas

    Full Text Available RESUMO: Objetivo: Investigar como fatores institucionais, representados pelo perfil social da maternidade na assistência ao parto, se associam às taxas de cesariana. Métodos: Estudo com delineamento transversal com base em dados do Sistema de Informações sobre Nascidos Vivos (SINASC para Santa Catarina. Foram selecionados, para cada uma das macrorregionais, os seis municípios com o maior número de partos. Para esses municípios, foram considerados todos os estabelecimentos que possuíam leitos obstétricos. Um total de 61.278 partos teve lugar nas 61 maternidades selecionadas. Razões de prevalência de cesariana (RP, brutas e ajustadas para confundimento, foram estimadas para cada uma das variáveis individuais por meio de Regressão de Cox Robusta. Resultados: Nascimentos por cesariana foram quase o dobro nas maternidades privadas (89%, quando comparados aos do Sistema Único de Saúde (SUS (45,1%. Ter parto nas maternidades privadas aumentou em pelo menos 50% a ocorrência de cesariana entre as primíparas (RP = 1,64, caucasianas (RP = 1,57, mulheres com maior frequência ao pré-natal (RP = 1,54 e tendo parto diurno (RP = 1,51, quando comparadas àquelas tendo parto pelo SUS. Conclusão: Diferenças nas taxas de cesariana em favor do sistema privado, entre mulheres de melhores condições sociais, em meio às quais seria esperado menor risco obstétrico, apontaram para diferenças de permeabilidade da cultura médica/obstétrica e flexibilização na interpretação médica das indicações clínicas do parto operatório.

  1. La gineco-obstetricia en México: entre el "parto humanizado" y la violencia obstetrica

    OpenAIRE

    Pozzio, Maria Raquel

    2016-01-01

    Resumen: Al mismo tiempo que la gineco-obstetricia se feminiza, aumenta la problematización de la violencia obstétrica. Es a partir de estos dos fenómenos que el artículo se propone describir las diferentes posturas que los actores han tomado en torno de la introducción de prácticas de ʽparto humanizadoʼ - clasificadas como ʽabiertasʼ, ʽintermediasʼ y de ʽresistenciaʼ-, en tanto y en cuanto éstas buscan disminuir la violencia obstétrica. En especial, se subrayan las explicaciones y reacciones...

  2. La gineco-obstetricia en México: entre el "parto humanizado" y la violencia obstetrica

    OpenAIRE

    Pozzio,Maria Raquel

    2016-01-01

    Resumen: Al mismo tiempo que la gineco-obstetricia se feminiza, aumenta la problematización de la violencia obstétrica. Es a partir de estos dos fenómenos que el artículo se propone describir las diferentes posturas que los actores han tomado en torno de la introducción de prácticas de ʽparto humanizadoʼ - clasificadas como ʽabiertasʼ, ʽintermediasʼ y de ʽresistenciaʼ-, en tanto y en cuanto éstas buscan disminuir la violencia obstétrica. En especial, se...

  3. A Diferença Das Notas Do Teste Apgar Entre Crianças Nascidas De Parto Normal E Parto Cesariana

    OpenAIRE

    Loth, Eduardo Alexandre; Vitti, Charles Rodrigo; Nunes, Jandira Izabel da Silva

    2008-01-01

    O APGAR é um método de avaliação sistemática do recém-nascido logo após o parto, é utilizado para identificar aqueles que necessitam de reanimação e cuidados especiais. O teste que leva o sobrenome da pediatra que o idealizou, hoje é utilizado em ampla escala e avalia cinco aspectos no neonato, freqüência cardíaca, esforço expiratório, tônus muscular, irritabilidade reflexa e col...

  4. Existe associação entre os desconfortos no puerpério imediato e a via de parto? Um estudo observacional

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Thalita Rodrigues Christovam Pereira

    2017-08-01

    Full Text Available Introdução: A via de parto pode ser um fator determinante para o desenvolvimento de desconfortos no puerpério imediato. Objetivo: Identificar os desconfortos referidos pelas mulheres no puerpério imediato e compará-los entre as submetidas ao parto vaginal e à cesárea. Métodos: Estudo analítico transversal desenvolvido em uma maternidade pública com levantamento de prontuários que continham informações da avaliação fisioterapêutica de puérperas atendidas no período de fevereiro a novembro de 2011. Resultados: Foram incluídos 346 prontuários neste estudo. Queixas do puerpério imediato: dor abdominal (31,5%, edema (19,1%, lombalgia (18,2%, cervicalgia (9,8% e desconforto em membros inferiores (5,8%. Cesárea foi a via de parto que acarretou maior desconforto, relacionando-se à presença de dor abdominal (p=0,001, cervicalgia (p=0,017 e edema (p=0,017. Conclusão: Os achados sugerem que as mulheres que passam por cesárea estão vulneráveis à maior morbidade durante o puerpério imediato em comparação ao parto vaginal.

  5. O parto em contexto: narrativas da gravidez entre gestantes no Rio de Janeiro = Birth in the context: narratives of pregnancy in Rio de Janeiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rezende, Claudia Barcellos

    2015-01-01

    Full Text Available Neste trabalho, busco refletir sobre a centralidade do parto como projeto, presente em certos grupos de gestante e mesmo em políticas de humanização do parto. A partir de entrevistas com mulheres de camadas médias do Rio de Janeiro que esperavam seus primeiros filhos, discuto como este material constitui-se em uma narrativa, com começo (o desejo de ter filhos e a concepção, meio (a mudança nos comportamentos e na relação com outros e fim (o parto antecipado. Examino quais elementos e fios condutores se destacam, quais atores sociais são incorporados nestas histórias e de que modo. Argumento que a gravidez pode ser vista como uma categoria cultural que informa a experiência física e subjetiva da gestação, articulada a noções de pessoa e gênero. O material analisado sugere que a gravidez como um todo, incluindo o parto, se torna um projeto para as mulheres pesquisadas, tensionado entre noções de feminilidade e de maternidade

  6. La gineco-obstetricia en México: entre el “parto humanizado” y la violencia obstetrica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Raquel Pozzio

    2016-05-01

    de la violencia obstétrica. Es a partir de estos dos fenómenos que el artículo se propone describir las diferentes posturas que los actores han tomado en torno de la introducción de prácticas de ‘parto humanizado’ – clasificadas como ‘abiertas’, ‘intermedias’ y de ‘resistencia’–, en tanto y en cuanto éstas buscan disminuir la violencia obstétrica. En especial, se subrayan las explicaciones y reacciones de las mujeres gineco-obstetras ante la violencia obstétrica. El análisis busca mostrar cómo el género como construcción y la antropología como método y enfoque contribuyen a entender el fenómeno y hacer inteligible esta aparente paradoja. Como conclusión, se plantea que establecer relaciones entre la feminización de la ob-gyn y la problematización de la violencia obstétrica nos permiten una entrada a la comprensión de los alcances y limitaciones del proceso de feminización de la profesión médica.

  7. Intervalo entre o Nascimento de Gêmeos: Morbidade e Mortalidade do Segundo Gemelar Time Interval between Twin Delivery: Morbidity and Mortality in the Second Twin

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jair Luiz Fava

    2001-08-01

    Full Text Available Objetivo: avaliar o efeito do intervalo de tempo entre o nascimento de gêmeos sobre a morbidade e a mortalidade neonatal do segundo gemelar. Métodos: realizamos um estudo retrospectivo em 50 gemelíparas atendidas na Maternidade Pró-Matre de Vitória que pariram 100 recém-natos vivos, por via vaginal, com peso superior a 500 g e sem malformações maiores. Separamos os recém-natos em G1 (primeiro gêmeo e G2 (segundo gêmeo. Foram considerados como indicativos de morbidade neonatal: asfixia ao nascimento, caracterizada pelo índice de Apgar inferior a 7, no 1º minuto de vida; síndrome do desconforto respiratório, apurada à luz de dados clínicos e radiológicos, e tempo de internação hospitalar superior a 4 dias. Foi analisada também a mortalidade intra-hospitalar. Quanto ao estudo do intervalo de tempo de parturição entre os gêmeos (deltat, realizamos pontos de corte de 5 em 5 minutos, até 35 minutos. Fizemos, também, análise por faixas de tempo: deltat até 5 minutos, de 6 a 10, de 11 a 15, de 16 a 20 e de 21 a 150 minutos. Resultados: não houve diferença estatisticamente significante (pPurpose: to evaluate the impact of birth time interval between twins in relation to the morbidity and mortality of the second newborn twin. Methods: this is a retrospective study of 50 women with twin pregnancy at the `Maternidade Pró-Matre de Vitória' who gave birth to 100 alive newborns through the vaginal canal, weighing each over 500 g and not having any major malformations. The newborns were separated into two groups: G1 (first twin and G2 (second twin. The following criteria were considered to be indicative of newborn morbidity: asphyxia at birth, characterized by Apgar index lower than 7 in the first minute of life; respiratory distress syndrome detected by clinical and radiological findings, and hospitalization period longer than 4 days. In-hospital mortality was analyzed as well. Cut off was at every 5 minutes, up to 35 minutes

  8. Associação entre a analgesia epidural e o trauma perineal no parto vaginal Asociación entre la analgesia epidural y el trauma perineal en el parto vaginal Association between epidural analgesia and perineal laceration in vaginal delivery

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliana Cristina dos Santos Monteiro

    2009-03-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi analisar a associação entre a analgesia epidural e a laceração perineal em mulheres submetidas ao parto vaginal. Foi realizado um estudo descritivo e transversal, para o qual foram pesquisados 109 prontuários de mulheres assistidas durante o processo de parturição, em uma maternidade em Ribeirão Preto. Os dados foram coletados nos meses de março e abril de 2003. Para analisar a correlação entre as variáveis foi aplicado o teste qui-quadrado. Foi realizado parto normal em 91,7% (100 das parturientes e fórceps em 8,2% (9. Na análise dos dados, 74,3% da amostra receberam analgesia epidural; destas, 26,5% tiveram algum grau de laceração perineal e 9,1%, períneo íntegro, não sendo possível verificar a associação entre as variáveis mencionadas. Não foi verificada, neste estudo, significância estatística para afirmar que as condições do períneo após o parto vaginal e a utilização da analgesia epidural estão associadas (valor x²4GL= 3,1.El objetivo de esto estudio fue analizar la asociación entre la analgesia epidural y la laceración perineal en mujeres sometidas al parto vaginal. Fue realizado un estudio descriptivo y transversal, para lo cual fueron investigados 109 prontuarios de mujeres asistidas durante el proceso de parturición en una maternidad en Ribeirão Preto. Los datos fueron colectados en marzo y abril de 2003. Para analizar la correlación entre las variables fue aplicado el Teste Chi-Cuadrado. Fue realizado parto normal en 91,7% (100 de las parturientes y en 8,2% (09 parto fórceps. En el análisis de los datos, 74,3% de la muestra recibieron analgesia epidural, y de estas 26,5% tuvieron algún nivel de laceración perineal y 9,1% perineo íntegro. No fue posible verificar la asociación entre las variables aludidas. No fue verificado en esto estudio, significancia estadística para afirmar que las condiciones del perineo después del parto vaginal y el uso de analgesia

  9. Relação entre depressão pós-parto e disponibilidade emocional materna The relationship between postpartum depression and maternal emotional availability

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vera Regina J. R. M. Fonseca

    2010-04-01

    Full Text Available A depressão pós-parto é um transtorno de alta prevalência que pode comprometer a qualidade da relação mãe-criança. Este estudo pretende determinar a prevalência do referido transtorno, comparar a interação mãe-bebê nos grupos com e sem depressão e verificar a relação entre depressão, apoio social e estilos de relacionamento e disponibilidade emocional maternos. As participantes eram gestantes que pretendiam dar à luz no Hospital Universitário da Universidade de São Paulo entre dezembro de 2006 e dezembro de 2008. A prevalência de depressão pós-parto em nossa amostra foi 28%. Não houve diferença significativa na relação mãe-criança no grupo com e sem depressão. Encontrou-se correlação positiva entre sensibilidade materna e escolaridade e entre sensibilidade e certas dimensões de apoio social e estilo de relacionamento. Conclui-se que a prevalência de depressão pós-parto em nossa amostra é mais alta que a média mundial, mas a sintomatologia depressiva não interfere significativamente na qualidade da interação mãe-bebê. A sensibilidade materna é influenciada por fatores sócio-cognitivos e afetivos.Postpartum depression is a highly prevalent disorder that can interfere in the mother-infant relationship. This study aims to evaluate the prevalence of postpartum depression in our sample to compare mother-infant interaction in depressed and non-depressed mothers and to assess the relationship between maternal depression, social support, attachment style, and emotional availability. Participants were pregnant women who planned to deliver at the University of São Paulo Hospital between December 2006 and December 2008. Postpartum depression prevalence in our sample was 28%. No difference was found in emotional availability between depressed and non-depressed mothers. There was a positive correlation between maternal sensitivity and education, and between sensitivity and some dimensions of social support and

  10. Analgesia de parto: estudo comparativo entre anestesia combinada raquiperidural versus anestesia peridural contínua Analgesia de parto: estudio comparativo entre anestesia combinada raqui-peridural versus anestesia peridural continua Labor analgesia: a comparative study between combined spinal-epidural anesthesia versus continuous epidural anesthesia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Alberto de Figueiredo Côrtes

    2007-02-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: O alívio da dor no trabalho de parto tem recebido atenção constante visando ao bem-estar materno, diminuindo o estresse causado pela dor e reduzindo as conseqüências deste sobre o concepto. Inúmeras técnicas podem ser utilizadas para analgesia de parto. Este trabalho teve como objetivo comparar a técnica peridural contínua com a combinada, ambas com o uso de bupivacaína a 0,25% em excesso enantiomérico 50% e fentanil como agentes. MÉTODO: Participaram do estudo 40 parturientes em trabalho de parto com dilatação cervical entre 4 e 5 cm que foram distribuídas em dois grupos iguais de forma aleatória. O Grupo I recebeu anestesia peridural contínua. O Grupo II recebeu anestesia combinada. Foram avaliados: medidas antropométricas, idade gestacional, dilatação cervical, tempo entre o bloqueio e a ausência de dor por meio da escala analógica visual, possibilidade de deambulação, tempo entre o início da analgesia e a dilatação cervical completa, duração do período expulsivo, parâmetros hemodinâmicos maternos e vitalidade do recém-nascido. Possíveis complicações, como depressão respiratória, hipotensão arterial materna, prurido, náuseas e vômitos, também foram observadas. Para a comparação das médias utilizou-se o teste t de Student e para a paridade e tipo de parto utilizou-se o teste do Qui-quadrado. RESULTADOS: Não houve diferença estatística significativa entre os dois grupos em relação ao tempo entre o início da analgesia e a dilatação cervical completa, bem como em relação ao tempo da duração do período expulsivo, incidência de cesariana relacionada com a analgesia, parâmetros hemodinâmicos maternos e vitalidade do recém-nascido. CONCLUSÕES: Ambas as técnicas se mostraram eficazes e seguras para a analgesia do trabalho de parto, embora a técnica combinada tenha proporcionado um rápido e imediato alívio da dor. Estudos clínicos com maior número de casos s

  11. Influência do intervalo de tempo entre as sessões de alongamento no ganho de flexibilidade dos isquiotibiais Influence of the time interval between stretching sessions on increased hamstring flexibility

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Zenewton André da Silva Gama

    2009-04-01

    Full Text Available CONTEXTO: A otimização do treino de flexibilidade está relacionada com o uso de parâmetros adequados de alongamento. Entretanto, o intervalo de tempo adequado entre as sessões de alongamento tem sido pouco investigado. OBJETIVO: Verificar se a variação no intervalo de tempo entre sessões de alongamento influencia no ganho de flexibilidade. MÉTODOS: 28 mulheres, com idade de 22,5 ± 1,8 anos, foram distribuídas aleatoriamente em três grupos. Aplicaram-se 10 sessões de alongamento nos isquiotibiais do membro direito. O grupo 0X (n = 8 foi o controle e não recebeu alongamento. O grupo 3X (n = 10 alongou três vezes por semana (intervalo de 48 horas e o grupo 5X (n = 10, cinco vezes (intervalo de 24 horas. Aplicaram-se 10 sessões de alongamento (sustentar-relaxar nos isquiotibiais direitos. As medidas foram tomadas por análise fotométrica no programa AutoCad® 2000. A análise estatística foi realizada com ANOVA e teste post hoc de Newman-Keuls adotando um p-valor referencial de 0,05. RESULTADOS: Após 10 sessões, identificou-se aumento da flexibilidade nos grupos experimentais, porém sem diferença entre estes. O grupo 3X aumentou significativamente a partir do 10º dia do programa (quinta sessão e o grupo 5X, a partir do terceiro (terceira sessão. CONCLUSÕES: O alongamento aumenta a flexibilidade dos isquiotibiais, independente do tempo entre as sessões (24 ou 48 horas; e a variável tempo não influencia o ganho de flexibilidade total. Porém, com cinco sessões semanais, ganha-se flexibilidade mais rapidamente. Isso sugere que o ganho de flexibilidade é sessão-dependente.CONTEXT: The optimization of flexibility training is related to the use of ideal stretching parameters. However, the time interval between sessions has been little investigated. OBJECTIVE: To verify if the variation in time interval between stretching sessions influences in flexibility gain. METHODOLOGY: Twenty-eight women, average age of 22.5 ± 1

  12. Estudo comparativo entre três volumes de Ropivacaína 1mg-mL e Sufentanil 0,25mcg-mL por via epidural em bolus intermitentes e sua relação com a duração da analgesia durante o trabalho de parto

    OpenAIRE

    Pereira, Luciano Duarte Pires

    2013-01-01

    Dissertação de mestrado em Farmacologia Aplicada, apresentada à Faculdade de Farmácia da Universidade de Coimbra. Objectivos: A técnica de bolus epidurais intermitentes programados, como técnica de manutenção mais recente da analgesia epidural no trabalho de parto, reduz a duração do segundo estadio e a administração de anestésicos locais, aumenta a satisfação materna e possivelmente reduz a taxa de parto instrumentalizado. No entanto, os volumes e intervalos de fármacos administrados pode...

  13. Parto humanizado

    OpenAIRE

    Nieto Arranz, María Irene

    2015-01-01

    Unido al cambio en el paradigma de la atención sanitaria (del modelo biomédico- tecnológico al biopsicosocial), en los últimos años se está produciendo una drástica variación en la atención al parto normal con el objetivo de que deje de ser entendido como una patología que precisa intervenciones médicas y/o quirúrgicas y en el que las gestantes son meras pacientes y pase a ser un proceso fisiológico en el que se reconoce...

  14. Intervals between observations for ingestive behavior evaluation of young bulls in feedlot/ Intervalo de tempo entre observações para avaliação do comportamento ingestivo de tourinhos em confinamento

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Willian Gonçalves do Nascimento

    2008-08-01

    Full Text Available The objective of this experiment was to study the intervals of time for observing the ingestive behavior of 36 young crossbred bulls in feedlot. The animals were housed in individual stalls, in a completely randomized design, with three treatments (sorghum silage with 1.0 % concentrate, sugar cane with 1.0 % concentrate and sugar cane with 1.2 % concentrate. Five different intervals between observations were studied. The evaluated parameters were: feeding, rumination and idle, time and frequency, dry matter and neutral detergent fiber intake, total chewing time, feeding and rumination efficiency of dry matter and neutral detergent fiber, as well as, the percentage of the time in that the animals were laying during rumination or idle. The intervals of time did not differ (P > 0.05 for analyzed variable of the time and efficiency. The percentage of time in that the animals were laid while ruminating, was 91 %. The frequencies of feeding, rumination and idle, differed (P Objetivou-se com o experimento estudar intervalos de tempo para avaliação do comportamento ingestivo de tourinhos confinados. Foram utilizados 36 animais, alojados em baias individuais, em delineamento inteiramente casualizado, com três tratamentos (silagem de sorgo com 1,0 % de concentrado, cana-deaçúcar com 1,0 % de concentrado e com 1,2 % de concentrado. Foram comparadas cinco escalas de intervalos de observações. Avaliou-se o tempo e freqüência de alimentação, ruminação e ócio, sendo que destes dois últimos itens calculou-se a percentagem do tempo que os animais permaneciam deitados, ingestão de matéria seca e de fibra em detergente neutro, tempo de mastigação total e eficiência de alimentação e de ruminação da matéria seca e da fibra em detergente neutro. Não se observou diferença significativa (p > 0,05 entre as escalas de tempo analisadas para as variáveis relacionadas a tempo e eficiência. A percentagem de tempo que os animais permaneceram

  15. Interação entre a analgesia de parto e o seu resultado: avaliação pelo peso e índice de Apgar do recém-nascido Interacción entre la analgesia de parto y su resultado: evaluación por el peso e índice e Apgar del recién nascido The interaction between labor analgesia and its results: assessment using the newborn´s weight and Apgar score

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Andrea Stolf Eberle

    2006-08-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Existem controvérsias quanto à possibilidade de a analgesia de parto interferir no andamento do trabalho de parto e na vitalidade do recém-nascido. O objetivo deste estudo foi a interação entre analgesia do parto pelas técnicas peridural contínua e duplo bloqueio, com pequena dose de anestésico local, e o tipo de parto ocorrido, pela análise do peso e índice de Apgar do recém-nascido. MÉTODO: Analisaram-se, prospectivamente, os resultados de 168 analgesias de parto (janeiro de 2002 a janeiro de 2003, divididas em quatro grupos: G1 (n = 58 peridural contínua e evolução para parto vaginal; G2 (n = 69 duplo bloqueio e evolução para parto vaginal; G3 (n = 25 peridural contínua e evolução para cesariana; G4 (n = 16 duplo bloqueio e evolução para cesariana. Para G1 foi administrada ropivacaína a 0,125% (12 a 15 mL, para G2, bupivacaína a 0,5% (0,5 a 1 mL, sufentanil (10 mg, por via subaracnóidea. Administrou-se ropivacaína a 0,5%, por via peridural, para o parto vaginal (8 mL e para cesariana (20 mL. Avaliaram-se idade, peso, altura, índice de massa corpórea (IMC, idade gestacional (IG, paridade e complicações (hipotensão arterial, bradicardia e hipóxia, e, do recém-nascido, peso e índice de Apgar (1º, 5º e 10º min. RESULTADOS: A maioria das parturientes era primigesta, com gestação de termo (uma IG de 28 semanas e nenhum pós-datismo, com peso, G2 G3. CONCLUSÕES: As técnicas de analgesia, peridural contínua e duplo bloqueio, com pequenas doses de anestésico local, não apresentaram interação com o resultado do parto, se a análise estiver focalizada no peso e no índice de Apgar do recém-nascido.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: Existen controversias en cuanto a la posibilidad de que la analgesia de parto interfiera en el trabajo de parto y en la vitalidad del recién nacido. El objetivo de este estudio fue el de analizar la interacción entre la analgesia del parto por las t

  16. A dor do parto na literatura científica da Enfermagem e áreas correlatas indexada entre 1980-2007

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nilza Alves Marques Almeida

    2008-12-01

    Full Text Available Pesquisa bibliográfica, descritiva e exploratória que objetivou analisar a produção científica, sobre a temática dor do parto, indexada em dois bancos de dados da Biblioteca Virtual em Saúde, no período de 1980 a 2007. Foram utilizadas as combinações dos seguintes descritores: dor, parto, dor do parto, trabalho de parto, nascimento, maternidade, cultura, controle e alívio para levantamento das referências. Optou-se pelo acesso aos resumos para a análise. Realizou-se a classificação das referências identificadas por meio de um protocolo previamente estabelecido. Das 30 referências protocoladas, 25 (83,33% são artigos originais, de revisão ou de atualização; 3 (10% teses; e 2 (6,67% dissertações. O enfoque do conteúdo dos resumos foi dividido nas categorias temáticas: vivência do processo doloroso e do parto propriamente dito; métodos alternativos e não-farmacológicos de assistência; efeitos de fármacos utilizados na analgesia do parto normal. Da análise apreendemos a contribuição científica das pesquisas sobre a temática dor do parto, com destaque na relevância do resgate a cultura do parto normal e da importância do gerenciamento da dor visando aumentar a segurança e satisfação da mulher na vivência do processo de parturição.

  17. Estudo das indicações de partos cesáreas entre hospitais de atendimento ao Sistema Único de Saúde: baixo e alto riscos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Caroline Rosa Pellicciari

    2015-10-01

    Full Text Available A alta incidência de partos cesáreas  sem indicações precisas é motivo de preocupação mundial.  As cesáreas sem indicações médicas estão associadas a maiores riscos maternos e fetais. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS não há justificativa, para qualquer região do mundo possuir  taxas de partos cesáreas maiores do que 10-15%.  Este projeto investigou  os fatores indicativos para a  realização de partos cesáreas  entre hospitais da rede SUS em Sorocaba-SP: Hospital Santa Lucinda – HSL (baixo risco e Conjunto Hospitalar de Sorocaba – CHS (alto risco. Durante o período de 03/2014 a 03/2015 foi realizada análise retrospectiva de 300 prontuários das pacientes internadas nestes hospitais. Analisou-se parâmetros maternos sócio-epidemiológicos, reprodutivos, clínicos e  indicações dos partos cesáreas.  No CHS prevaleceu o tipo de parto cesárea (56,3%, enquanto no HSL a porcentagem do parto cesárea foi 32,4% (p<0,001.  Em relação ao tipo de parto anterior, o número de pacientes com cesárea anterior prevalece no HSL: 77% (n=83 em comparação com o CHS: 56,4% (n=62, (p=0,0009.   Em relação às indicações de cesárea, as mais prevalentes no HSL foram: sofrimento fetal agudo: 24% (n=36, falha na indução ao parto: 22% (n=33 e desproporção céfalo-pélvica: 18,7% (n=28. No CHS  as maiores proporções foram: sofrimento fetal agudo: 35,3% (n=53  e iteratividade: 25,3% (n=38 (p<0,0001.  A observação dos resultados demonstra a realização de partos cesáreas em porcentagens superiores àquelas preconizadas pela OMS. Sua redução poderá ser conseguida preparando-se e conscientizando-se melhor a mulher perante a futura parturição, com procedimentos precisos de indução ao parto, utilizando a aplicação de procedimentos analgésicos, e, ainda com a devida prática da extração baixa pelo fórcipe de alívio às parturientes.

  18. Influência do intervalo entre a colheita e a aplicação do 1-metilciclopropeno no controle do amadurecimento de mamão Influence of the interval between harvest and 1-methylcyclopropene application on papaya ripening

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Angelo Pedro Jacomino

    2007-01-01

    Full Text Available Este trabalho teve como objetivo determinar a influência do intervalo entre a colheita e a aplicação do 1-MCP na sua eficiência como retardador do amadurecimento de mamões 'Golden'. Os frutos foram colhidos em pomares comerciais da região de Linhares-ES, no estádio 2 de maturação, armazenados a 11±1ºC e submetidos à aplicação de 1-MCP (100nL.L-1 após 0; 1; 2 e 3 dias da colheita. Frutos tratados e não-tratados permaneceram durante 6 dias a 11±1ºC e, em seguida, foram armazenados a 22±1,5ºC e 80-90%UR, até completo amadurecimento. O 1-MCP retardou a perda de firmeza e a mudança da cor da casca dos frutos. Os frutos sem 1-MCP atingiram firmeza ideal para consumo entre o 2º e o 4º dia a 22ºC. Os frutos que receberam 1-MCP no 2º ou no 3º dia após a colheita, atingiram ponto de consumo entre o 8º e o 10º dia a 22ºC. Aqueles tratados no 1º dia após a colheita atingiram firmeza de consumo no 12º dia a 22ºC, e aqueles que receberam 1-MCP no dia da colheita, não amoleceram. A coloração da casca teve comportamento similar ao da firmeza, porém em menor intensidade. Houve pequeno aumento no teor de sólidos solúveis dos frutos em função do amadurecimento. Quanto menor o intervalo entre a colheita e a aplicação do 1-MCP maior sua eficiência como retardador do amadurecimento de mamões 'Golden'. Essa informação é fundamental na definição da tecnologia de aplicação desse regulador vegetal.The purpose of this work was to determine the influence of the interval between harvest and 1-MCP application on 1-MCP efficiency in delaying ripening in Golden papaya. Fruits were harvested from commercial orchards located in Linhares, ES, in a second stage of maturation, stored at 11±1ºC and treated with 1-MCP (100 nL.L-1 0, 1, 2 and 3 days after harvest. Treated and non-treated fruits were kept at 11±1ºC for 6 days and, then, were stored at 22±1.5ºC and 80-90%RH until complete ripening. 1-MCP delayed loss of

  19. Efeito de diferentes intervalos de recuperação entre as séries sobre o desempenho muscular no exercício leg-press em idosas não treinadas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Claudio Jambassi Filho

    2012-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Verificar a influência de dois diferentes intervalos de recuperação (IR entre as séries no exercício leg-press sobre o número e sustentabilidade das repetições e no volume total, em idosas não treinadas. MÉTODOS: Onze idosas (66,5 ± 5,0 anos; 59,2 ± 9,1kg; 146,4 ± 34,9cm foram submetidas a duas sessões experimentais de exercícios com pesos com intensidade de 15 repetições máximas. Cada sessão experimental foi composta por três séries realizadas até a fadiga muscular utilizando IR de um (IR-1 ou três minutos (IR-3. As sessões experimentais foram separadas por, no mínimo, 48 horas. Todas as participantes realizaram ambos os protocolos e um delineamento cross-over balanceado foi utilizado para determinar a ordem das sessões experimentais. RESULTADOS: Para ambos os IR entre as séries, reduções significativas (P < 0,05 no número e na sustentabilidade das repetições foram observadas da primeira para a segunda e terceira séries e da segunda para a terceira séries. Diferenças significativas (P < 0,05 entre os IR foram observadas nas duas séries finais. O volume total da sessão realizada com IR-3 foi estatisticamente superior (20,4%; P < 0,05 quando comparada a sessão IR-1. CONCLUSÃO: O número e a sustentabilidade das repetições e o volume total de treino de idosas não treinadas são influenciados pelo IR empregado entre as séries. Maiores IR devem ser utilizados quando a finalidade for otimizar o volume de treino por meio da sustentabilidade das repetições. Em contrapartida, menores IR devem ser utilizados quando a meta for obter maiores níveis de fadiga muscular.

  20. Estudo comparativo entre bupivacaína (S75-R25 e ropivacaína em bloqueio peridural para analgesia de parto Estudio comparativo entre la bupivacaína (S75-R25 y la ropivacaína en bloqueo epidural para analgesia de parto A comparative study between bupivacaine (S75-R25 and ropivacaine in spinal anesthesia for labor analgesia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Celso Schmalfuss Nogueira

    2010-10-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A anestesia peridural é utilizada para alívio da dor no trabalho de parto e está associada a baixos índices de complicações. Estudos com enantiômeros levógiros dos anestésicos locais demonstraram maior segurança em função da menor cardiotoxicidade. Este estudo teve o objetivo de avaliar a latência e a duração da analgesia e as repercussões maternas e fetais com o emprego da bupivacaína (S75-R25 e da ropivacaína quando utilizadas para analgesia de parto por bloqueio peridural. MÉTODOS: Realizou-se um ensaio clínico prospectivo, duplamente encoberto e aleatório, de 49 pacientes gestantes de termo, apresentando baixo risco, com indicação de parto vaginal, idade entre 15 e 35 anos, ASA I ou II distribuídas em dois grupos: GI - bupivacaína (S75-R25 0,25%; GII - ropivacaína a 0,20%. RESULTADOS: Evidenciou-se diferença estatisticamente significante entre os dois grupos 30 minutos após a instalação da peridural, sendo os escores de dor maiores no grupo que utilizou a ropivacaína. Não foram encontradas diferenças estatísticas significativas quanto a latência de analgesia, nível sensorial do bloqueio, volume de anestésico local, dose de resgate, duração do trabalho de parto e da analgesia, frequência de parto instrumental, alterações hemodinâmicas, escores de Apgar ou pH do cordão umbilical e incidência de eventos adversos. CONCLUSÕES: O uso de bupivacaína (S75-R25 e ropivacaína para a analgesia de parto proporcionou boas condições para a realização da anestesia peridural com pequenas ocorrências de eventos adversosJUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: La anestesia epidural se usa para el alivio del dolor en el parto y está asociada a bajos índices de complicaciones. Estudios con enantiómeros levógiros de los anestésicos locales, han demostrado una seguridad más elevada en función de una menor cardiotoxicidad. Este estudio quiso evaluar la latencia y la duración de la analgesia y

  1. Efectos del parto prematuro y retraso en el crecimiento fetal sobre los factores de riesgo cardiovascular durante el curso de la vida entre niños y adolescentes de escuelas oficiales de Bogotá, Colombia: Estudio FUPRECOL

    OpenAIRE

    Becerra Narváez, Ibelice Rocio

    2017-01-01

    Antecedentes. Tanto la restricción del crecimiento fetal y el parto pretérmino han sido asociados con el riesgo cardiometabólico en jóvenes y adultos. Sin embargo, sus efectos combinados sobre la salud cardiometabólica en niños y jóvenes son escasos. Objetivos. Este estudio tuvo como objetivo evaluar los efectos del peso al nacer y la edad gestacional combinados sobre los factores de riesgo cardiovascular durante el curso de la vida y la obesidad entre niños y jóvenes de edad escolar de C...

  2. Influência do intervalo entre cortes sobre a produção de biomassa de duas espécies de capim limão Influence of the interval between cuts on biomass yield of two lemon grass species

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    André May

    2008-09-01

    Full Text Available Foi estudada a influência do intervalo entre cortes na produção de massa seca da parte aérea de duas espécies de capim limão. O experimento foi realizado no Instituto Agronômico, em Campinas-SP, 04 de junho/05 a 28 de agosto/06. O delineamento experimental utilizado foi em blocos ao acaso, com três repetições, com os tratamentos em esquema fatorial 2 x 4, sendo duas espécies (C. citratus e C. flexuosus e quatro intervalos entre cortes (40; 60; 80 e 100 dias. Para C. flexuosus, maiores intervalos entre cortes proporcionaram maior massa seca acumulada ao longo do ciclo de cultivo, partindo de 329,04 para 704,16 g planta-1 de massa seca acumulada da parte aérea, para intervalos entre cortes de 40 e 100 dias, respectivamente. A espécie C. citratus apresentou resposta linear decrescente da massa seca acumulada da parte aérea quanto maior o intervalo entre cortes utilizado, produzindo 238,68 g planta-1 utilizando intervalo entre cortes de 40 dias.The aim of this study was to analyze the influence of the interval between cuts on the dry mass yield of the aerial part of two lemon grass species. The experiment was conducted at Agronomical Institute (IAC, in Campinas - SP, from June 4th, 2005 through August 28th, 2006. The experiment was carried out in a completely randomized block design, with three replications, and the treatments in a 2 x 4 factorial design, corresponding two species (C. citratus and C. flexuosus and four intervals between cuts (40; 60; 80 and 100 days. For C. flexuosus, longer intervals between cuts generated more dry mass accumulated throughout the cultivation cycle, beginning on 329,04 to 704,16 g plant-1 of accumulated dry mass of the aerial part, for intervals between cuts of 40 and 100 days, respectively. The C. citratus species showed a decrease in its linear response for the accumulated dry mass of the aerial part the longer the interval between cuts was, yielding 238,68 g plant-1 for a 40 day interval between

  3. Resistance exercise-induced microinjuries do not depend on 1or 3 minutes rest time interval between series. (Las microlesiones inducidas por el entrenamiento con cargas no dependen de los intervalos de descanso entre series de 1 o 3 minutos.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rafael Pereira

    2008-10-01

    Full Text Available AbstractIn order to examine the effects of different rest intervals between sets on the muscle fiber integrity, 14 male subjects volunteered to participate in randomized crossover design methodology. All subjects completed 2 experimental training sessions. Both sessions consisted of 3 sets of 10 repetitions with 10 repetition maximum resistance bench press, cable pulldowns, military press, biceps curl, triceps curl, leg press, leg extension, and lying leg curls. The 2 experimental sessions differed only in the length of the rest period between sets and exercises: 1 session with a 1-minute and the other with a 3-minute rest period. the mechanical stress caused by the proposed training session cause similar damage in the muscle fibers do not depend of the 1 or 3 minutes of rest interval between series. ResumenEl propósito de ese estudio fue comparar los efectos de 2 diferentes períodos de descanso durante una sesión de entrenamiento con cargas en la integridad de la fibra muscular. Participaron de forma voluntaria 14 hombres en un estudio con diseño cruzado aleatorio. Todos los sujetos realizaron 2 sesiones de entrenamiento con cargas. Durante cada sesión, los sujetos completaban 3 series de 10 repeticiones máximas de press de banca, jalón en polea alta para dorsal, press militar, curl de bíceps con barra, extensión de tríceps trasnuca con mancuerna, prensa de piernas en máquina, extensión de rodillas en máquina, y flexión de rodillas en máquina. Las 2 sesiones experimentales diferían sólo en la longitud del período de descanso entre las series y los ejercicios: una sesión con 1 minuto y la otra con 3 minutos en los períodos de descanso. La tensión mecánica causada por las sesiones puede causar daños similares en las fibras musculares y no dependen de hacer 1 o 3 minutos de intervalo de descanso entre las series.

  4. Estudo comparativo entre bupivacaína racêmica (S50-R50 a 0,125% e bupivacaína em excesso enantiomérico de 50% (S75-R25 a 0,125% e 0,25% em anestesia peridural para analgesia de parto Estudio comparativo entre bupivacaina racémica (S50-R50 a 0,125% y bupivacaina en exceso enantiomérico de 50% (S75-R25 a 0,125% y 0,25% en anestesia peridural para analgesia de parto A comparative study of 0.125% racemic bupivacaine (S50-R50 and 0.125% and 0.25% 50% enantiomeric excess bupivacaine (S75-R25 in epidural anesthesia for labor analgesia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nádia Maria da Conceição Duarte

    2008-02-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A peridural contínua é utilizada para alívio da dor do trabalho de parto e associada a baixos índices de complicações. Estudos com enantiômeros levógiros dos anestésicos locais demonstraram maior segurança em função de menor cardiotoxicidade. O objetivo deste estudo foi comparar a analgesia e o bloqueio motor entre a bupivacaína (S50-R50 a 0,125% e a bupivacaína em excesso enantiomérico de 50% (S75-R25 a 0,125% e 0,25% em peridural contínua para analgesia de parto. MÉTODO: Realizou-se ensaio clínico duplamente encoberto, com distribuição aleatória de 75 participantes em trabalho de parto, distribuídas em três grupos: GI - bupivacaína (S50-R50 a 0,125%; GII - bupivacaína (S75-R25 a 0,125%; e GIII - bupivacaína (S75-R25 a 0,25%. A inclusão no estudo foi feita após assinatura do Consentimento Livre e Esclarecido. RESULTADOS: Não foram encontradas diferenças estatísticas significativas quanto à latência da analgesia, nível sensorial do bloqueio, volume de anestésico local, duração do trabalho de parto e da analgesia, freqüência de parto instrumental, escores de Apgar ou pH do cordão umbilical. O intervalo para a primeira dose resgate foi maior e os escores de dor em 45 min foram menores no grupo bupivacaína (S75-R25 a 0,25%. A intensidade do bloqueio motor foi maior no grupo bupivacaína (S50-R50 a 0,125%. CONCLUSÕES: A bupivacaína (S75-R25 determinou um bloqueio motor menos intenso, mesmo quando utilizada em maior concentração (0,25%, resultando em melhor qualidade de analgesia, sem interferir na evolução do trabalho de parto ou na vitalidade dos recém-nascidos.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: La peridural continua se utiliza para el alivio del dolor del trabajo de parto y asociada a bajos índices de complicaciones. Estudios con enantiómeros levógiros de los anestésicos locales demostraron una mayor seguridad en función de una menor cardiotoxicidad. El objetivo de este

  5. Trabalho abdominal no pós-parto : relação entre a distância inter-retos do abdómen e a capacidade dos músculos abdominais na estabilidade da bacia.

    OpenAIRE

    Vaz, Cristiana Gomes

    2015-01-01

    Mestrado em Exercício e Saúde Tipo de Estudo: Estudo observacional. TEMA: A diástase abdominal (DRA) descrita como o aumento da distância horizontal entre os bordos internos dos músculos retos do abdómen - distância inter-retos (DIR) é uma condição comum em mulheres grávidas e no pós-parto imediato. Existe falta de informação acerca das implicações da DRA e sobre a DIR aumentada na função dos músculos abdominais. OBJETIVOS: Analisar a relação entre a DIR e a função abdomi...

  6. Relação entre depressão pós-parto e apoio social: revisão sistemática da literatura = The relationship between postpartum depression and social support: a literature review = Relación entre depresión posparto y apoyo social: revisión sistemática de la literatura

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carvalho, Flávia Almeida de

    2014-01-01

    Full Text Available Com o objetivo de fazer uma revisão sistemática da literatura científica a respeito da relação entre depressão pós-parto (DPP e apoio social, realizou-se um levantamento de artigos online que estabelecessem essa relação. A busca de trabalhos publicados no período de janeiro de 2000 a agosto de 2011 foi realizada nas bases de dados APA PsycNET, EBSCOhost, Pepsic, PubMed e Scielo. Foram selecionados estudos escritos em português ou inglês, que utilizaram método quantitativo, a Escala de Depressão Pós-Parto de Edimburgo (EDPE para avaliar DPP, aplicada entre o parto e 12 meses após o parto, e medidas de apoio social. Identificaram-se 24 artigos, realizados em 11 países. Foram examinados, além da associação com apoio social, o número e a idade das participantes, escores de EDPE e outros fatores relacionados com a ocorrência de DPP. Embora usando diferentes instrumentos para avaliar o apoio social, 23 estudos (96% da amostra sugeriram que quanto maior o apoio social percebido pelas mães, menor a ocorrência de DPP. Os resultados mostram, especialmente para profissionais e serviços de saúde, a importância da detecção precoce dos indícios de depressão e do incentivo à adoção de práticas de apoio social nos cuidados à mulher durante e após a gestação

  7. ESTUDO PILOTO: O USO DO INTERVALO DE DECANSO DE 2 MINUTOS ENTRE AS SÉRIES NO EXERCÍCIO DE SUPINO HORIZONTAL (SMITH) INDUZ A REDUÇÃO DO NÚMERO DE REPETIÇÕES MÁXIMAS E A VELOCIDADE DE MOVIMENTO

    OpenAIRE

    MACIEL, V.S.; MANHÃES, F.S.; SILVA NETO, E.A.; PESSANHA, N.F.S.B.; RIBEIRO, R.M.; MORALES, A.P.1

    2015-01-01

    O número de repetições executadas no treinamento de força com base no percentual de 1-RM (1 Repetição Máxima) ou nas 10-RMs (10 Repetições Máximas) tem sido discutido em vários trabalhos, uma vez que fatores tais como o tamanho do grupamento muscular envolvido e membro utilizado, podem influenciar na capacidade de executar RMs em um determinado exercício. Outro fator que pode afetar o número de RMs executadas a partir de um percentual de 1-RM ou 10-RMs é o intervalo empregado entr...

  8. EDAD AL PRIMER PARTO EN VACAS HOLSTEIN DE LECHERÍA ESPECIALIZADA EN COSTA RICA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mauren Salazar-Carranza

    2013-01-01

    Full Text Available El objetivo de este trabajo fue determinar la edad al primer parto (EPP en vacas Holstein pu- ras en lecherías especializadas de Costa Rica. Se realizó un es- tudio longitudinal prospectivo histórico con 46 029 animales de raza Holstein pura de lechería especializada de Costa Rica, durante el periodo comprendido entre los años 2000 y 2010. Se incluyeron los datos de vacas que contaban con registros completos para todas las variables del estudio, registrados en el programa VAMPP Bovino 3.0. Se calculó la EPP por las variables de zona ecológica, la época de nacimiento, el año de parto, el índice de endogamia, el número de lactancias de la madre y el tipo de parto que dio origen al animal en estudio. Los datos fueron analizados por medio de estadística descrip- tiva (porcentajes, promedios, desviación estándar [DE] y el cálculo de intervalos de confianza (IC95%. La EPP prome- dio fue 30,7 meses (D.E: 6,8; IC 95%: 30,6 – 30,8. Durante el periodo, el promedio de la EPP varió entre los 30 y 31 meses; sin embargo, en los años 2006 y 2007 mostró una tendencia a disminuir. La EPP presentó diferencias significativas entre estratos según la época de nacimiento, el número de lactancia de la madre, la zona ecológica, el año de nacimiento, el tipo de parto de la madre y el coeficiente de endogamia de la vaca. Al igual que las tendencias mundiales, mostró tendencia a decrecer en Costa Rica; y las variables de animal, tiempo y ambiente mostraron un efecto sobre la EPP. Excepto el coefi- ciente de endogamia (a mediano y largo plazo, esos factores no son modificables en condiciones de pastoreo, que son los imperantes en la gran mayoría de fincas estudiadas.

  9. Relação entre a pressão muscular perineal no puerpério e o tipo de parto Relationship between perineal muscular force in the puerperal period and the type of delivery

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Silmara Menta

    2006-09-01

    Full Text Available OBJETIVO: relacionar o tipo de parto e as características do períneo com valores da pressão muscular perineal (PMP mensurada em primíparas nas posições deitada e sentada com a musculatura perineal em repouso e em contração máxima. MÉTODOS: estudo quantitativo do tipo transversal, realizado em maternidade conveniada ao Sistema Único de Saúde (SUS do município de São Paulo. A casuística, obtida por conveniência, foi de 95 primíparas de termo. A avaliação ocorreu entre o 40º e o 45º dia. Realizaram-se entrevista, exame físico e mensuração da PMP por meio do perineômetro de Kegel. A mensuração foi realizada nas posições deitada e sentada, com a musculatura em repouso e em contração máxima, sendo considerada a média de três aferições para cada posição e estado muscular. RESULTADOS: 76,8% (73 das primíparas tiveram parto vaginal e 23,2% (22 cesárea. No pós-parto vaginal, observou-se períneo íntegro em 18,9% (18, com rotura perineal em 24,2% (23 e com episiotomia em 33,7% (32. Os valores obtidos da PMP foram em: posição deitada/musculatura em repouso, 18,9 mmHg; deitada/musculatura em contração máxima, 30,7 mmHg; sentada/musculatura em repouso, 34,5 mmHg; sentada/musculatura em contração máxima, 46,5 mmHg. CONCLUSÃO: não houve associação entre o tipo de parto e as condições perineais e a pressão muscular perineal.PURPOSE: to determine the values of perineal muscular force (PMF in the lying and seated positions and to identify the values of PMF between first pregnancy, according to type and the characteristics of the vaginal delivery and cesarean section. METHODS: study of the transversal type, performed in a maternity of Brazilian Public the Health System (SUS in the city of São Paulo. The sample consisted of 95 primiparae at term. Evaluation occurred between the 40th and 45 th, day with an interview, physical examination and measurement of PMF using a perineometer of the Kegel type. The

  10. Relação entre peso ao nascer, sexo do recém-nascido e tipo de parto The relationship among infant birth weight and sex, and type of delivery

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Arnaldo Augusto Franco de Siqueira

    1981-06-01

    Full Text Available Foram estudadas duas maternidades que atendem a população de níveis sócio-econômicos heterogêneos para avaliar a influência do peso do recém-nascido no tipo de parto. Foram analisados 16.095 nascimento. Verificou-se aumento da incidência de cesareanas com o aumento do peso do recém-nascido, nas duas maternidades, mas na maternidade particular a incidência foi mais elevada em relação à maternidade assistencial. Chamou a atenção o fato da não associação entre o tipo de parto e o peso do recém-nascido nas mulheres que tiveram atendimento particular. A predominância do sexo feminino no grupo de peso de 2.500 g e menos foi estatisticamente significante e do mesmo modo a maior proporção do sexo masculino nos recém-nascidos com mais de 4.000 g.In order to assess the influence of birth weight on the type of birth two maternity hospitals whose patients were of different socio-economic levels were studied. 16,095 births were analysed. It was discovered that the incidence of cesarian sections increased with the increase in birth weight in both hospitals, but that in the private hospital the incidence was four times higher than in the hospital for the poor. No relation was found, in those women who received private treatment, between type of brith and birth weight. Among those babies who weighed 2500g or less at birth, there was found to be a significant predominance of girls and for those who weighed more than 4000g there was, equally, a larger proportion of boys.

  11. Sensibilidade e especificidade da oximetria fetal de pulso e da cardiotocografia durante o parto: comparação entre os métodos no prognóstico de recém-nascidos Acidóticos Sensitivity and specificity of fetal pulse oximetry and cardiotocography during labor: comparison of both methods regarding prognosis of acidotic newborns

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edson Nunes de Morais

    1999-07-01

    Full Text Available Objetivo: estudar a sensibilidade e a especificidade dos valores de saturação de oxigênio fetal (SpO2 e padrões da freqüência cardíaca fetal (FCF durante o parto, no prognóstico de fetos acidóticos ao nascimento. Pacientes e Métodos: os valores fetais de SpO2 foram obtidos pela técnica da oximetria de pulso. Um valor de SpO2 > ou = 30% foi considerado normal, e 10 minutos no intervalo entre contrações, foi considerado anormal. A SpO2 fetal e os traçados de FCF foram obtidos continuamente no primeiro e segundo períodos do parto. A classificação utilizada para a FCF foi a do NICHD19. Resultados: um total de 72 casos foram estudados. A sensibilidade e especificidade com base na SpO2 fetal foram respectivamente de 61,5% e 96,6%, ao passo que a sensibilidade e especificidade baseadas nos padrões de FCF foram respectivamente 69,2% e 66,1%. Os valores preditivos positivo e negativo em função da SpO2 fetal foram respectivamente 80% e 91,9%; em função dos padrões de FCF foram respectivamente 31% e 90,7%. Conclusões: uma boa especificidade da SpO2 para o prognóstico de recém-nascidos acidóticos foi encontrada, se comparada com a especificidade dos padrões de FCF, ao passo que a sensibilidade foi relativamente baixa para os dois métodos. Entretanto, o número de fetos acidóticos é muito pequeno para conclusões.Purpose: to study the sensitivity and specificity based on fetal oxygen saturation (SpO2 values and fetal heart rate (FHR patterns during labor, for the prognosis of acidotic fetuses at birth. Patients and Methods: SpO2 values were obtained by fetal pulse oximetry technique. A fetal SpO2 value > or = 30% was considered normal, and an SpO2 which remained <30.0% for more than 10 min between contractions was considered abnormal. Fetal SpO2 and FHR tracings were obtained during the first and second stage of labor. FHR classification used in the study has been derived from the National Institute of Child Health and Human

  12. Enfermedad periodontal: ¿es factor de riesgo para parto pretérmino, bajo peso al nacer o preeclampsia?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Luis Castaldi

    2006-04-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Evaluar si la enfermedad periodontal (EP constituye un factor de riesgo de parto pretérmino, bajo peso al nacer o preeclampsia y si hay alguna relación entre las formas clínicas de la EP y los resultados obstétricos mencionados. MÉTODOS: Estudio analítico, transversal y prospectivo de todas las mujeres que tuvieron su parto en el Hospital Dr. José Penna, de la ciudad de Bahía Blanca, Argentina, entre el 1.º de febrero y el 18 de julio de 2003 y entre el 1.º de marzo y el 31 de mayo de 2004. A las mujeres que cumplieron los criterios de inclusión (ser mayor de 18 años, tener al menos 18 dientes, no ser diabética y que los hijos hubieran sobrevivido al parto se les practicó un examen odontológico en busca de hemorragia al sondaje, movilidad dentaria o inflamación gingival y se realizaron mediciones clínicas de la pérdida de inserción. Se calcularon las razones de posibilidades (odds ratios, RP con sus intervalos de confianza del 95% (IC95% y se ajustaron los resultados por las variables "ser fumadora" y "tener anemia". RESULTADOS: Se registraron 2 003 nacimientos, correspondientes a 1 982 partos. Se excluyeron 420 (21,2% mujeres por no cumplir los criterios de inclusión o por no poder realizárseles el diagnóstico odontológico previsto. De las 1 562 mujeres evaluadas, 809 (51,8% presentaban alguna de las afecciones buscadas; de ellas, 274 (17,5% padecían EP grave y 535 (34,3% tenían gingivitis. En total, 149 (9,5% partos fueron pretérmino, en 161 (10,3% nacieron niños con bajo peso y en 157 (10,0% se presentaron casos de preeclampsia. No se observó asociación alguna entre la EP y el parto pretérmino (RP = 1,06; IC95%: 0,74 a 1,50, el bajo peso al nacer (RP = 1,05; IC95%: 0,74 a 1,47 y la preeclampsia (RP = 0,99; IC95%: 0,70 a 1,40. El riesgo de dar a luz un niño con bajo peso al nacer en el subgrupo de fumadoras de más de 10 cigarrillos diarios fue mayor en las que tenían enfermedad periodontal grave que

  13. Do parto institucionalizado ao parto domiciliar

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Clara Fróes de Oliveira Sanfelice

    2014-01-01

    Full Text Available El objetivo fue describir la experiencia vivida por un grupo de enfermeras en Campinas, SP, Brasil, acerca del proceso de transición de la atención institucionalizada para el parto domiciliario, en el período de 2011 a 2013. Relato de experiencia, cuyas reflexiones, percepciones y problemas enfrentados en este proceso fueron recolectados mediante la técnica lluvia de ideas. Se utilizó el análisis de contenido propuesto por Bardin, que emergieron cuatro categorías temáticas: experiencia del hospital, convivir con la violencia obstétrica; de vuelta a casa y desafíos de la atención domiciliaria. En conclusión, atender el parto en el hogar tiene ofrecido mayor satisfacción a las enfermeras, a pesar de diversos obstáculos, ya que es posible prestar asistencia a las mujeres y los recién nacidos que abarca tanto el concepto de integralidad como recomendaciones científicas actuales.

  14. Relação entre o índice de Kessner modificado por Takeda com os indicadores de gravidade nos partos da zona leste da cidade de São Paulo

    OpenAIRE

    Souza, Ivelise Araujo de

    2016-01-01

    As causas principais dos óbitos maternos em países em desenvolvimento e em subdesenvolvimento são, em sua maioria, evitáveis e estão diretamente relacionadas a morbidades decorrentes do processo gestacional, parto e puerpério, sendo as de maior prevalência as hemorragias pós-parto, alterações hipertensivas, sepse, partos obstruídos e complicações relacionadas ao aborto inseguro. A morbidade antecede a morte, e a morte materna atinge direta e indiretamente a sociedade, impactando ao menos três...

  15. Estudo da associação de variaveis materno-fetais com a ocorrencia partos prematuros

    OpenAIRE

    Eugenio Pacelli de Barreto Teles

    1990-01-01

    Resumo: Estudamos a associação de vinte e uma variáveis materno-fetais com parto prematuro em 5689 partos assistidos na maternidade do Departamento de Tocoginecologia da UNICAMP no período de 1982 a 1988. Selecionamos dez variáveis pré-gestacionais (estado civil, escolaridade, idade, paridade, intervalo interpartal, altura peso pré-gravídico, antecedentes de abortos, de partos prematuros e de natimortos) e onze variáveis gestacionais (infecção, diabetes, hipertensão, cirurgia, hemorragia, rup...

  16. Relação entre depressão pós-parto e apoio social: revisão sistemática da literatura = The relationship between postpartum depression and social support: a literature review = Relación entre depresión posparto y apoyo social: revisión sistemática de la literatura

    OpenAIRE

    Carvalho, Flávia Almeida de; Morais, Maria de Lima Salum e

    2014-01-01

    Com o objetivo de fazer uma revisão sistemática da literatura científica a respeito da relação entre depressão pós-parto (DPP) e apoio social, realizou-se um levantamento de artigos online que estabelecessem essa relação. A busca de trabalhos publicados no período de janeiro de 2000 a agosto de 2011 foi realizada nas bases de dados APA PsycNET, EBSCOhost, Pepsic, PubMed e Scielo. Foram selecionados estudos escritos em português ou inglês, que utilizaram método quantitativo, a Escala de Depres...

  17. Re-significando a dor e superando a solidão: experiências do parto entre adolescentes de classes populares atendidas em uma maternidade pública de Salvador, Bahia, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cecilia McCallum

    Full Text Available Este artigo examina o parto em uma maternidade pública de Salvador, Bahia, Brasil, com base na perspectiva de mulheres jovens e adolescentes, a maioria das quais negras e de classes populares. O estudo, de caráter antropológico, baseia-se na análise de entrevistas e na etnografia do hospital, particularmente do centro obstétrico. As mulheres descrevem o trabalho de parto como dominado pelo medo, solidão e dor, sensações que se transformam em amor com o nascimento da criança. Enfocando o parto como um processo biossocial, o trabalho mostra como as jovens produzem significados durante o processo de parturição, enquanto se encontram envolvidas nas interações sociais próprias ao parto hospitalar, particularmente com os profissionais de saúde. Do ponto de vista simbólico, as parturientes experienciam o parto como um rito de passagem que legitima a maternidade, em um contexto social e institucional que, ao contrário, deslegitima a reprodução sexual de mulheres negras, jovens e de baixa renda e estigmatiza a maternidade na adolescência.

  18. Efeito da composição genética e de fatores de meio sobre a produção de leite, a duração da lactação e a produção de leite por dia de intervalo de partos de vacas mestiças Holandês-Gir Effects of genetic composition and environmental factors on milk production, lactation length and milk production per day of calving interval in crossbred Holstein-Gyr cows

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    J.R. Glória

    2006-12-01

    Full Text Available Utilizou-se o método dos quadrados mínimos para avaliar os efeitos da composição genética (CG e dos fatores de meio sobre a produção total de leite (PL, duração da lactação (DL e produção de leite por dia de intervalo de partos (P/I (n=2.016 de 822 vacas mestiças (1/2, 3/4 e 7/8 Holandês-Gir, criadas no oeste de Minas Gerais. O efeito da capacidade prevista de transmissão (PTA dos touros da raça Holandesa sobre a PL de suas filhas cruzadas também foi avaliado. O efeito da CG sobre as três características foi importante fonte de variação, sendo que a PL, a DL e a P/I aumentaram com o incremento da contribuição da raça Holandesa. As médias para PL foram 3549,3±39,3kg, 4331,7±56,2kg e 4515,7±115,9kg; para DL, 306,5±1,9 dias, 328,2±2,5 dias e 337,0±4,6 dias; e para P/I, 9,0±0,1kg, 10,6±0,2kg e 11,0±0,3kg por dia, respectivamente, para vacas 1/2, 3/4 e 7/8 Holandês-Gir. Estação de parição foi importante fonte de variação da PL das vacas 3/4 e da DL de vacas 3/4 e 1/2 Holandês-Gir. Maiores PL e DL foram observadas nas lactações iniciadas no final do período chuvoso. O efeito da idade da vaca ao parto sobre a PL foi linear ascendente para vacas 1/2 e 3/4 Holandês-Gir e curvilíneo para vacas 7/8 Holandês-Gir, com produção máxima (4733,5 kg na segunda lactação. Para DL esse efeito foi curvilíneo para vacas 1/2 e 3/4 Holandês-Gir, com mínimos de 284,7 e 309,2 dias aos 7,3 e 5,7 anos de idade, respectivamente; e linear descendente para vacas 7/8 Holandês-Gir. Já o efeito da idade da vaca sobre P/I foi linear ascendente para o conjunto 3/4 e 7/8, e curvilíneo para as 1/2 Holandês-Gir, com o máximo de 9,5kg/dia de intervalo de partos aos 6,4 anos de idade. O efeito do PTA de touros sobre a PL de suas filhas não foi diferente de zero. As estimativas de repetibilidade para PL foram 0,72, 0,69 e 0,63, respectivamente, para vacas 1/2, 3/4 e 7/8 Holandês-Gir.The effects of genetic composition (GC and

  19. Conhecimentos e expectativas de adolescentes nuligestas acerca do parto

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fátima Raquel Rosado Morais

    2012-06-01

    Full Text Available Este estudo objetivou apreender os conhecimentos de adolescentes nuligestas acerca do parto e do nascimento, mediante uma pesquisa qualitativa com doze adolescentes de idade entre 12 e 16 anos, residentes na área de uma unidade de saúde de Mossoró - RN. Os resultados mostraram que as adolescentes possuem conhecimentos precários acerca do parto, sendo as informações permeadas por mitos e desarticuladas de conceitos capazes de transformar os saberes vigentes. Assim, evidencia-se a necessidade da aproximação das adolescentes com a temática da sexualidade, e em particular, da gravidez e parto, para que possam analisar e escolher a forma ideal de parir, identificando possibilidades para um parto mais humanizado e saudável. Para isto, sugere-se que os profissionais de saúde, em especial os enfermeiros, desenvolvam atividades socioeducativas de preparação para o parto em articulação com a escola e a família, com vista a esclarecer as adolescentes quanto à dinâmica da parturição e assim contribuir para a desmistificação de estigmas ainda presentes na sociedade.

  20. A cor da dor: iniquidades raciais na atenção pré-natal e ao parto no Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria do Carmo Leal

    Full Text Available Poucas pesquisas com foco nas influências da raça/cor no tocante à experiência de gestação e parto foram conduzidas no Brasil, sendo inédita a análise de abrangência nacional. Este estudo teve como objetivo avaliar as iniquidades na atenção pré-natal e parto de acordo com a raça/cor utilizando o método de pareamento baseado nos escores de propensão. Os dados são oriundos da pesquisa Nascer no Brasil: Pesquisa Nacional sobre Parto e Nascimento, um estudo de base populacional de abrangência nacional com entrevista e avaliação de prontuários de 23.894 mulheres em 2011/2012. Regressões logísticas simples foram utilizadas para estimar as razões de chance (OR e respectivos intervalos de 95% de confiança (IC95% da raça/cor associada aos desfechos analisados. Em comparação às brancas, puérperas de cor preta possuíram maior risco de terem um pré-natal inadequado (OR = 1,6; IC95%: 1,4-1,9, falta de vinculação à maternidade (OR = 1,2; IC95%: 1,1-1,4, ausência de acompanhante (OR = 1,7; IC95%: 1,4-2,0, peregrinação para o parto (OR = 1,3; IC95%: 1,2-1,5 e menos anestesia local para episiotomia (OR = 1,5 (IC95%: 1,1-2,1. Puérperas de cor parda também tiveram maior risco de terem um pré-natal inadequado (OR = 1,2; IC95%: 1,1-1,4 e ausência de acompanhante (OR = 1,4; IC95%: 1,3-1,6 quando comparadas às brancas. Foram identificadas disparidades raciais no processo de atenção à gestação e ao parto evidenciando um gradiente de pior para melhor cuidado entre mulheres pretas, pardas e brancas.

  1. Saúde Mental Materna e Retenção de Peso no Pós-parto

    OpenAIRE

    Izabel Cristina Oliveira da Silva Joia

    2015-01-01

    O objetivo do presente estudo foi investigar a associação entre a depressão pós-parto e a retenção de peso no pós-parto. Trata-se de um estudo longitudinal, com 563 mulheres no baseline acolhidas em unidades de saúde do município do Rio de Janeiro entre 2005 e 2009, acompanhadas até o 6 mês pós-parto, com dados sobre peso e estatura aos 15 dias pós-parto e peso pré-gestacional. O peso retido após o parto foi calculado a partir da diferença entre o peso aferido nas ondas de seguimento (15 dias...

  2. Fatores prognósticos para o parto transvaginal em pacientes com cesárea anterior Prognostic factors for vaginal delivery after cesarian section

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Carlos Santos

    1998-07-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi determinar os fatores prognósticos para a ultimação do parto por via transpélvica em gestantes com cesárea anterior admitidas em trabalho de parto no CAM-IMIP. Foi realizado um estudo tipo caso-controle, analisando os partos de pacientes com cesárea prévia assistidos no CAM-IMIP no período de janeiro/1991 a dezembro/1994. Foram considerados casos as pacientes com cesárea anterior (n=156 e controles as que tiveram parto transvaginal (n=338. Os critérios de inclusão foram: idade gestacional > 36 semanas, cesárea anterior há pelo menos 1 ano, concepto vivo, trabalho de parto espontâneo e apresentação cefálica fletida. Foram excluídas as gestações de alto risco, os casos de sofrimento fetal anteparto e pacientes com história de parto transpélvico anterior depois da cesárea. A análise estatística foi realizada em Epi-Info 6.0 e Epi-Soft, utilizando-se os testes chi² de associação, teste exato de Fisher e "t" de Student, bem como a odds ratio e seu intervalo de confiança a 95%. Análise de regressão logística múltipla foi efetuada para controle das variáveis confundidoras. O percentual de cesáreas no grupo estudado foi de 31,6%. Os fatores maternos que apresentaram associação significativa com o parto transvaginal foram a idade materna 35 anos (OR = 0,54, IC a 95% = 0,36-0,82, a história de parto vaginal anterior (OR = 1,6, IC a 95% = 1,01-2,55 e a indicação da cesárea anterior por doenças da gestação (OR = 3,67, IC a 95% = 1,19-12,02. Fatores como intervalo entre a cesárea anterior e o parto atual, outras indicações de cesárea e o tipo de histerorrafia não apresentaram associação significativa com o parto transpélvico. No modelo de regressão logística múltipla, persistiram como variáveis associadas significativamente ao parto vaginal a idade materna e a história de parto vaginal anterior. Os autores concluíram que sendo a idade materna Objectives: to determine

  3. Parto de adolescentes: elementos cualitativos de la atención

    OpenAIRE

    Enderle, Cleci de Fátima; Kerber, Nalú Pereira da Costa; Susin, Lulie Rosane Odeh; Gonçalves, Bruna Goulart

    2012-01-01

    O estudo buscou conhecer o que as adolescentes entendem como assistência adequada ao parto. Dados coletados através de entrevista individual com as adolescentes que tiveram seu parto em um Hospital Universitário do sul do Brasil, entre julho de 2008 e outubro de 2009. Foi efetuada uma análise temática, que se baseou nas preconizações do Ministério da Saúde sobre o parto humanizado. Despontaram núcleos temáticos relacionados à necessidade de atenção, de orientação e de res...

  4. Influencia del contacto precoz, nacionalidad, tipo de parto y prematuridad en la lactancia materna

    OpenAIRE

    Ana Belén Laviña Castan

    2015-01-01

    Conocer si en el HUMS existe asociación entre lactancia materna y nacionalidad, prematuridad, tipo de parto, contacto precoz piel con piel. Estudio de cohortes, en una muestra de 541 puérperas del HUMS en octubre-noviembre 2011. Las variables: nacionalidad, tipo de parto, contacto precoz, parto prematuro e inicio lactancia materna se recogieron antes del alta hospitalaria mediante cuestionario. A los dos meses postparto se contactó telefónicamente con las madres para conocer el tipo de lactan...

  5. Symptoms of postpartum depression and early interruption of exclusive breastfeeding in the first two months of life Sintomas de depressão pós-parto e interrupção precoce do aleitamento materno exclusivo nos dois primeiros meses de vida

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Helena Hasselmann

    2008-01-01

    Full Text Available This study evaluates the association between postpartum depression and interruption of exclusive breastfeeding in the first two months of life. Cohort study of 429 infants Avaliou-se a associação entre depressão pós-parto e interrupção precoce do aleitamento materno exclusivo nos dois primeiros meses de vida. Estudo de coorte com 429 crianças < 20 dias de idade em quatro unidades de saúde no Rio de Janeiro, Brasil. Considerou-se como interrupção precoce do aleitamento materno exclusivo a introdução de chá, água, suco, leite artificial ou qualquer outro alimento. Na avaliação da depressão pós-parto utilizou-se a Edinburgh Post-natal Depression Scale. Associações foram expressas como razões de prevalências (linha de base e riscos relativos (primeiro e segundo meses de vida e respectivos intervalos de 95% de confiança estimados via regressão de Poisson com variância robusta. Filhos de mulheres com sintomas de depressão pós-parto apresentam maior risco de interrupção precoce do aleitamento materno exclusivo nos dois meses de seguimento (RR = 1,46; IC95%: 0,98-2,17 e RR = 1,21; IC95%: 1,02-1,45, respectivamente. Entre mães que amamentam exclusivamente até o primeiro mês de vida, depressão pós-parto não se associou à interrupção precoce do aleitamento materno exclusivo (RR = 1,44; IC95%: 0,68-3,06. Esses achados apontam para a importância da saúde mental materna no sucesso do aleitamento materno exclusivo.

  6. Antecipação e experiência de parto e depressão após o parto

    OpenAIRE

    Costa, Raquel A.

    2004-01-01

    Dissertação de mestrado em Psicologia Clínica. Este estudo tem como objectivo geral analisar o impacto das circunstâncias demográficas, psicossociais e obstétricas na qualidade da antecipação e da experiência de parto e na sintomatologia depressiva na 1ª semana e 3 meses após o parto. Por outro lado, foi também nosso interesse averiguar a relação entre a antecipação de parto e a experiência de parto. Finalmente debruçamo-nos sobre a relação e o impacto da qualidade da antecipação e expe...

  7. Uso de misoprostol retal para indução do parto em gestantes com amniorrexe prematura: ensaio clínico fase II Use of rectal misoprostol for induction of labor in patients with premature rupture of membranes: a phase II clinical trial

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francisco Carlos Nogueira Arcanjo

    2003-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: avaliar se o misoprostol por via retal constitui método efetivo para indução do parto em gestantes com amniorrexe prematura a termo. MÉTODOS: realizou-se estudo piloto, incluindo 32 gestantes com amniorrexe prematura entre 36 e 41 semanas, feto vivo e único, em apresentação cefálica, escore de Bishop 18 horas receberam antibiótico (penicilina cristalina para profilaxia de infecção estreptocócica. Analisaram-se desfechos diversos como intervalo entre indução e início do trabalho de parto, entre indução e parto, incidência de taquissistolia, tipo de parto, incidência de corioamnionite e resultados neonatais. A análise estatística foi realizada no programa de domínio público Epi-Info 2002, calculando-se médias com os respectivos desvios-padrão, além de distribuições de freqüência. Realizou-se análise de sobrevivência para determinação do percentual de partos em função do tempo transcorrido (em horas desde a administração do primeiro comprimido. RESULTADOS: os intervalos (média ± desvio padrão entre indução e início das contrações e entre indução e parto foram de, respectivamente, 299,8±199,9 e 681±340,5 minutos. Observou-se freqüência de 9,4% de taquissistolia. Cerca de 72% das pacientes evoluíram para parto vaginal. Diagnosticou-se corioamnionite em 12,5% dos casos. As medianas dos escores de Apgar foram de 8 e 9 no primeiro e quinto minuto, respectivamente. Não houve nenhum caso de Apgar PURPOSE: to investigate whether rectally administered misoprostol is an effective method for induction of labor in patients with premature ruptured membranes at term. METHODS: a pilot trial was conducted, enrolling 32 women with alive, singleton, cephalic fetus and ruptured membranes between 36 and 41 weeks of pregnancy, with Bishop score 18 h received antibiotics (crystalline penicillin for prophylaxis of streptococcal infeccion. Outcomes included time from induction to labor and induction to

  8. Representações sociais sobre o parto domiciliar

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Clara Fróes de Oliveira Sanfelice

    2015-12-01

    Full Text Available Resumo Objetivo: Conhecer as representações sociais sobre o parto domiciliar de mulheres que fizeram esta opção diante da escassez de estudos que avaliem esse fenômeno sob uma perspectiva humana, histórica e social. Métodos: Pesquisa qualitativa, exploratória e descritiva, fundamentada na Teoria das Representações Sociais. Foram entrevistadas 14 mulheres que vivenciaram ao menos uma experiência de parto domiciliar, assistido e planejado, na cidade de Campinas-SP e região entre fevereiro e março de 2014. Utilizou-se o critério de saturação teórica para definição do tamanho amostral. Resultados: Os dados analisados revelaram uma representação social: meu corpo, minhas escolhas, meu parto. As participantes mostraram-se discordantes com o modelo de atendimento institucionalizado da atualidade e buscam o parto domiciliar como uma alternativa concreta de contemplação às suas expectativas, as quais estão fortemente alicerçadas pelo princípio da autonomia. Conclusão: As reflexões apresentadas servem como subsídios para o debate e reformulação das políticas de saúde obstétrica brasileira.

  9. Parto e nascimento: saberes e práticas humanizadas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paolla Amorim Malheiros

    2012-01-01

    Full Text Available Este estudio tuvo como objetivos: describir los conceptos instituidos por profesionales de salud que trabajan en la atención del parto humanizado; identificar el conocimiento y las prácticas de humanización del parto; evaluar la aplicación de conocimientos y prácticas en la asistencia al parto y su relación con la humanización. Es una investigación cualitativa de tipo descriptivo-exploratoria realizada en la Maternidad del Hospital Universitario Antônio Pedro, Niterói, Brasil, cuyos participantes fueron dieciséis profesionales de salud, entre médicos obstetras y enfermeras obstétricas. Los datos fueron obtenidos a través de entrevistas semi-estructuradas y analizados por el método de análisis de contenido. Se concluyó que: los profesionales conocen las políticas de salud relacionadas a la humanización del parto y siguen las directrices de estas políticas. Sin embargo, estos resultados divergen de otros observados en estudios anteriores.

  10. Fetos portadores de gastrosquise, nascidos no Conjunto Hospitalar de Sorocaba, são beneficiados com o parto mais precoce?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Willy Marcus França

    2016-10-01

    Full Text Available Objetivo: Investigar as vantagens no adiantamento do parto e da utilização do corticosteroide pré-natal por meio da análise retrospectiva de prontuários no período de janeiro de 2010 a dezembro de 2014. Métodos: Foi realizado estudo retrospectivo baseado em prontuários de 16 gestantes e seus respectivos neonatos, tendo sido analisados os seguintes parâmetros: 1. Idade gestacional ao nascimento; 2. Peso do neonato; 3. Uso materno de corticosteroide pré-natal; 4. Tipo de cirurgia empregada (correção primária ou uso do silo para correção da G; 5. Tempo de jejum e início da alimentação por via oral. Resultados: 68,75% das gestantes tinham entre 15 e 20 anos. O uso materno de corticosteroide pré-natal não foi constatado em nenhuma gestante. A maioria dos casos apresentou peso abaixo do normal. Onze deles passaram por correção primária da Gastrosquise e dois por colocação de silo no período de 5 a 7 dias. A antecipação do parto ocorreu em sua maioria (56,25% no intervalo de 20 a 40 dias. Em relação ao tempo de jejum e início da alimentação com leite materno via oral, foi identificado em três casos (18,75% que o início do aleitamento via oral ocorreu de forma gradual e em menos de 20 dias de pós-operatório. Em outros três neonatos (18,75%, a alimentação começou entre 20 e 30 dias de pós-operatório; e apenas um caso (6,25% a alimentação foi iniciada num período maior de 30 dias. Conclusão: Este adiantamento deve respeitar preferencialmente o período entre a 36a e 37a semana, a fim de que os aspectos positivos na recuperação como reabilitação nutricional e menor período de hospitalização suplantem os malefícios da prematuridade excessiva. O uso materno de corticosteroide no período pré- natal não foi constatado.

  11. Taxas de infecção relacionadas a partos cesáreos e normais no HCPA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bianca Chassot Benincasa

    2012-04-01

    Full Text Available Introdução: Indicadores de gestão hospitalar são utilizados para mensurar quantitativamente a qualidade da gestão e proporcionam informações fundamentais para o seu controle. Esse estudo compara a taxa de infecção pós-parto relacionada ao parto cesáreo e vaginal. Embora o risco de infecção puerperal esteja presente em ambos os procedimentos, o risco é maior após o parto por cesariana, devido à natureza invasiva do procedimento.  Objetivo: Comparar a taxa de infecção relacionada ao parto cesáreo com a de parto normal buscando avaliar a correlação de um possível aumento de risco.  Métodos: Estudo de caráter observacional, cujos dados foram coletados no sistema de Indicadores de Gestão (IG do Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA, abrangendo o período de janeiro de 2004 a dezembro de 2010. Resultados: A taxa de cesariana no HCPA foi 32,55% durante o período investigado. Houve uma diferença entre a taxa de cesarianas cobertas pelo SUS (31,80% e por outros convênios (70,59%. Entre os nascimentos no HCPA durante o mesmo período, a taxa de infecção após partos por cesariana foi de 2,8% e 0,8% após partos vaginais. Conclusão: A taxa de infecção associada à cesariana é maior do que a relacionada aos partos normais. A taxa de infecção de cesarianas vem diminuindo desde 2009. Palavras-chave: parto normal; parto cesáreo; infecção puerperal.

  12. Planejamento do parto - instrumento educativo compartilhado com gestantes na UBS Jardim Simus

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Janie Maria de Almeida

    2015-10-01

    Full Text Available A gravidez é um período de dúvidas e expectativas para a mulher. Estimular a participação materna nesse processo é importante pelos benefícios que traz para ao binômio mãe-filho. O plano de parto, como um instrumento educativo favorece a reflexão sobre os tipos de parto e os procedimentos realizados na internação. Objetivos: incentivar a participação materna para compreender os procedimentos hospitalares, por meio do plano de parto, bem como a percepção materna da assistência ao parto. Metodologia: estudo exploratório descritivo realizado na UBS Jd. Simus, Sorocaba-SP, com gestantes inscritas no pré-natal, a partir de 24 semanas de gestação, maiores de 18 anos e mediante assinatura do TCLE. A coleta de dados consistiu na aplicação de questionário em dois momentos, durante a gestação e no pós-parto, ações educativas foram empregadas durante a elaboração do Plano de Parto. Resultados: Os dados das participantes, 13 gestantes e 12 no pós-parto foram analisados quantitativamente e comparativamente em dois momentos. As mulheres apresentavam ensino médio, idade entre 20 a 30 anos, empregadas com carteira assinada, em união estável com parceiro de nível médio e empregados. A preferência inicial pelo parto normal foi majoritária, o desfecho foi ao contrário do desejado. O parceiro foi o acompanhante de maior escolha e participou em 4 partos. A maioria das parturientes foi submetida à indução com ocitocina/misoprostol, o banho de chuveiro foi o método mais utilizado para alívio da dor e era desconhecido pelas gestantes como método de alivio da dor, a episiotomia foi realizada em um parto. Houve grande adesão à amamentação. Conclusão: Na perspectiva das participantes, a elaboração do plano de parto se mostrou válida e importante, podendo ser um fator de satisfação na parturição.

  13. Parto de adolescentes: elementos qualitativos da assistência

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cleci de Fátima Enderle

    2012-04-01

    Full Text Available O estudo buscou conhecer o que as adolescentes entendem como assistência adequada ao parto. Dados coletados através de entrevista individual com as adolescentes que tiveram seu parto em um Hospital Universitário do sul do Brasil, entre julho de 2008 e outubro de 2009Foi efetuada uma análise temática, que se baseou nas preconizações do Ministério da Saúde sobre o parto humanizado. Despontaram núcleos temáticos relacionados à necessidade de atenção, de orientação e de respeito. A atenção apareceu como elemento significativo e primordial, caracterizada pela compreensão, diálogo e participação ativa no processo de parir, assinalada pelo pronto atendimento às solicitações, compreensão pelo fato de desconhecerem as rotinas e procedimentos, interação com a equipe, sem serem simplesmente visualizadas como sujeitos passivos.

  14. humanização ao parto e nascimento

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rejane Antonello Griboski

    2006-01-01

    Full Text Available En la búsqueda de conocer el impacto de la política de humanización al parto y al nacimiento para mujeres y profesionales de la salud fue realizada una investigación cualitativa, usando como la metodología de referencia el Análisis de Contenido. Los datos fueron recolectados mediante la entrevista individual, así las informaciones obtenidas y analizadas a la luz de la Bioética Feminista apuntan que las mujeres vivencian el proceso de parto y alumbramiento con la sensación de miedo y desconocimiento del mismo; y la humanización en ese momento, significa someterse a las acciones intervencionistas dirigidas, a ellas, colocándolas en situación de vulnerabilidad extrema. Los profesionales verbalizan la existencia de una jerarquización en las relaciones, entre ellos y las mujeres, que delimita el espacio social y de los saberes. Fue evidente la falta de comunicación en la asistencia dispensada por ellos a las mujeres. El rescate de la autonomía femenina frente al proceso de parto y la transformación en las relaciones interpersonales y profesionales son aspectos relevantes vinculados a los cambios propuestos por la Política de Humanización.

  15. Balanço do parto : avaliação da política do parto humanizado pela ótica das usúarias do SUS no hospital público

    OpenAIRE

    Sousa, Marcia Luiza Pinheiro Silva de

    2015-01-01

    No nordeste brasileiro a prática da Política do parto humanizado é banalizada entre as mulheres. O objetivo desse estudo foi analisar a visão das usuárias do Sistema Único de Saúde sobre a prática da Política do parto humanizado numa maternidade durante o pré-natal, parto e o nascimento, entrevistando as puérperas. Estudo antropológico descreve a experiência vivenciada por essas mulheres quanto à prática da Política do Parto humanizado. Em 2014, foram pesquisados quinze casos na materni...

  16. Influencia del contacto precoz, nacionalidad, tipo de parto y prematuridad en la lactancia materna

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Belén Laviña Castan

    2015-01-01

    Full Text Available Conocer si en el HUMS existe asociación entre lactancia materna y nacionalidad, prematuridad, tipo de parto, contacto precoz piel con piel. Estudio de cohortes, en una muestra de 541 puérperas del HUMS en octubre-noviembre 2011. Las variables: nacionalidad, tipo de parto, contacto precoz, parto prematuro e inicio lactancia materna se recogieron antes del alta hospitalaria mediante cuestionario. A los dos meses postparto se contactó telefónicamente con las madres para conocer el tipo de lactancia en ese momento. El 70,32 % iniciaron la lactancia materna en las dos primeras horas postparto y el 55,58% daban Lactancia materna exclusiva (LME a los dos meses. Influyen en la lactancia materna el tipo de parto, contacto precoz y parto prematuro. La probabilidad de lactancia materna es 3,65 veces más alta si se ha realizado contacto precoz (RR 3,65; IC 95% 2,72-4,88; p=0,001. El inicio de lactancia materna en las 2 primeras horas y la nacionalidad española influye positivamente en la LME a los 2 meses. Las prácticas hospitalarias en el postparto deben promover el contacto precoz madre-recién nacido y el inicio de lactancia materna en las dos primeras horas, principalmente en las cesáreas.

  17. Puerperal women's satisfaction with their delivery La satisfacción de las puérperas con su parto A satisfação de puérperas com o seu parto

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ariane Garcia Cicuto

    2012-07-01

    Full Text Available Objective. To assess puerperal women's level of satisfaction with their delivery. Methodology. A descriptive study was developed at a teaching hospital in São José do Rio Preto (Brazil between July and December 2010. Participants were 200 puerperal women from the neonatal screening service, who completed the Delivery Experience and Satisfaction Questionnaire to measure their satisfaction level. Answer options for each question range between 1 and 10 (maximum satisfaction. Results. The puerperal women's mean age was 28 years; 96% had a partner; all women had participated in prenatal care; 82% were submitted to caesarean section. Satisfaction with pain management during labor ranged from 8.5 for caesarean section to 6 for normal birth. In comparison with the vaginal birth group, women subject to c-section showed greater satisfaction with postpartum pain intensity (8.7 versus 6.2 and less satisfaction with labor (6.0 versus 8.5 and delivery (7.1 versus 9.0. Conclusion. Without any difference per delivery type, women's satisfaction level with their delivery was high. Women who underwent caesarean section obtained higher satisfaction scores for postpartum pain management, while women who underwent vaginal birth manifested greater satisfaction with pain control during labor and delivery.Objetivo. Evaluar el nivel de satisfacción de las puérperas con sus partos. Metodología. Estudio descriptivo realizado en el hospital de enseñanza de São José do Rio Preto (Brasil, de juliodiciembre de 2010. Participaron 200 puérperas del servicio de tamizaje neonatal, que diligenciaron el instrumento Questionário de Experiência e Satisfação com o Parto para medir el nivel de satisfacción. Cada pregunta tiene opciones de respuesta entre 1 a 10 (máxima satisfacción. Resultados. El promedio de edad de las puérperas fue 28 años, el 96% tenía compañero, todas realizaron control prenatal, 82% fueron sometidas a cesárea. El nivel de satisfacci

  18. Indicadores de desempenho relacionado ao parto de fêmeas suínas de primeiro e segundo partos Performance parameters linked to the parturition of first and second parturition sows

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ivan Bianchi

    2010-06-01

    Full Text Available Foi realizado um estudo para identificar parâmetros de desempenho associados a indicadores de eficiência durante o parto de fêmeas suínas. Foram coletados os seguintes dados de 636 partos e 7.100 leitões nascidos: ordem de parto, número de leitões nascidos vivos, natimortos, mumificados, total de nascidos, aplicação de ocitocina, uso de palpação vaginal, momento do nascimento de cada leitão e do início e final do parto. O intervalo médio de nascimento dos leitões foi de 16,7 minutos e a duração média do parto, de 247 minutos. A duração média do parto aumentou conforme o total de leitões nascidos, o uso de ocitocina e a ocorrência de palpação vaginal. O total de nascimentos nos partos longos (> 211 min, de 13,1 leitões, foi maior que nos partos curtos (This study aimed to identify some performance parameters associated with the farrowing efficiency in sows. From a total of 636 births and 7,100 piglets born, data was collected for: parity (OP, number of piglets born alive (NV, stillborns (NAT, mummified (MUM, total litter size (TN, use of vaginal palpation and oxytocin injection, time of birth for each piglet, and beginning and end of the parturition. The average interval among piglets birth was 16.7 min and the average duration of parturition was 247 min. The average duration of parturition increased regarded to the number of born piglets, the use of oxytocin and with the ocurence of vaginal palpation. The total number of births in the long parturitions (> 211 min, with 13.1 piglets was higher than in the short parturitions (< 210 min, with 11.7 piglets, therefore, the higher the number of total piglets born, the longer is the duration of parturition. Litter size was higher for sows of the second parity (12.8 than for sows of first parity (11.9. The duration of parturition is affected by the number of piglets born, which is higher in second parity than first parity females and it is associated to the higher occurence of

  19. Indução de partos em suínos: uso de cloprostenol associado com ocitocina ou carbetocina Farrowing induction in swine: use of cloprostenol associated with oxytocin or carbetocin

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Neimar Bonfanti Gheller

    2011-07-01

    Full Text Available O presente estudo teve como objetivo avaliar o efeito da aplicação de um análogo sintético da PGF2 (cloprostenol sodico, associado à ocitocina ou carbetocina, sobre a eficiência da indução ao parto em suínos. O experimento I foi realizado com 284 fêmeas, distribuídas em quatro tratamentos: cloprostenol; cloprostenol e 0,100mg de carbetocina; cloprostenol e 10UI de ocitocina; solução salina (NaCl 0,9%. No experimento II, foram utilizadas 276 fêmeas, distribuídas em quatro tratamentos: cloprostenol; cloprostenol e 0,10mg de carbetocina; cloprostenol e 0,05mg de carbetocina; cloprostenol e 10UI de ocitocina. A indução do parto foi realizada aos 113 dias de gestação, pela aplicação de 0,175mg de cloprostenol, via submucosa vulvar. A carbetocina ou a ocitocina foram aplicadas 24h após a aplicação de cloprostenol, pela via intramuscular. O intervalo indução-parto foi menor (P0,05 entre os tratamentos. A utilização de ocitócitos, em associação com cloprostenol, resulta em partos antecipados e mais sincronizados. O uso associado de cloprostenol e carbetocina reduz o tempo de parto e 99% ou mais dos partos ocorrem em até quatro horas após a aplicação de carbetocina, independentemente da dose utilizada.The aim of the present study was to evaluate the effect of a synthetic analogue of PGF2 (sodium cloprostenol associated to carbetocin or oxytocin on the efficiency of farrowing induction in swine. In Experiment I, 284 females were distributed in four treatments: - cloprostenol; - cloprostenol and 0.10mg of carbetocin; - cloprostenol and 10UI of oxytocin; and saline solution. In Experiment II, 276 females were distributed in four treatments: cloprostenol; cloprostenol and 0.10mg of carbetocin; cloprostenol and 0.05mg of carbetocin; and cloprostenol and 10UI of oxytocin. Farrowing induction was performed at 113 days of gestation using an injection of 0.175mg cloprostenol by vulvar submucosal route. Carbetocin or oxytocin was

  20. Interpretando correctamente en salud pública estimaciones puntuales, intervalos de confianza y contrastes de hipótesis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Scotto Manuel G

    2003-01-01

    Full Text Available El presente ensayo trata de aclarar algunos conceptos utilizados habitualmente en el campo de investigación de la salud pública, que en numerosas situaciones son interpretados de manera incorrecta. Entre ellos encontramos la estimación puntual, los intervalos de confianza, y los contrastes de hipótesis. Estableciendo un paralelismo entre estos tres conceptos, podemos observar cuáles son sus diferencias más importantes a la hora de ser interpretados, tanto desde el punto de vista del enfoque clásico como desde la óptica bayesiana.

  1. Solução oral escalonada de misoprostol para indução do parto: estudo piloto Titrated oral solution of misoprostol for labour induction: a pilot study

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alex Sandro Rolland Souza

    2010-05-01

    Full Text Available OBJETIVO: avaliar a efetividade e a segurança da administração de uma nova formulação de misoprostol em solução por via oral, com doses escalonadas, para indução do parto de feto vivo a termo. MÉTODOS: realizou-se um estudo multicêntrico, do tipo ensaio clínico, aberto, não-randomizado, no período de Julho a Dezembro de 2008. Foram incluídas 30 pacientes com indicação de indução do trabalho de parto, a termo, com feto vivo, índice de Bishop 5. Foram excluídas mulheres com cicatriz uterina, cardiotocografia alterada, gestação múltipla, restrição de crescimento fetal, hemorragia genital e presença de tumores, ulcerações ou malformações genitais. A dose inicial da solução oral foi de 20µg/h de misoprostol, nas primeiras 6 horas, aumentando em 20µg/h de misoprostol a cada 6 horas, se o trabalho de parto não fosse deflagrado, até uma dose máxima de 80µg/h, nas primeiras 24 horas, mantendo a dose máxima (80µg/h por mais 24 horas, se necessário. RESULTADOS: o trabalho de parto foi induzido satisfatoriamente em 96,7% das gestantes. O intervalo entre a primeira dose e o início das contrações uterinas foi de 3,8±1,8 horas, enquanto o intervalo entre a dose inicial e o parto variou entre 6 e 24 horas. A frequência de parto vaginal foi de 80% (n=24. A maioria das gestantes iniciou o trabalho de parto com a dose de 20µg/h (60%; n=18. A taquissistolia ocorreu em 13,3% das gestações e líquido meconial foi detectado em 20% dos casos. Houve dois casos de escore de Apgar PURPOSE: to test effectiveness and safety of the oral administration of a new misoprostol formulation in titrated doses for the induction of delivery of a live fetus at term. METHODS: an open pilot multicenter, non-randomized clinical trial was conducted from July to December 2008. A total of 30 patients with indications for induction of labor were included. The patients had a live fetus, Bishop score 5. Exclusion criteria were previous uterine

  2. Enfermedad periodontal como factor de riesgo en enfermedad cardiovascular y parto pretérmino

    OpenAIRE

    Munayco Magallanes, Américo; Navarro Rodríguez, Maggie

    2005-01-01

    La medicina periodontal estudia la contribución de la enfermedad periodontal a enfermedades sistémicas como la enfermedad cardiovascular y parto pretérmino. Este estudio se realizó en el Instituto Especializado Materno Perinatal (IEMP) en Lima, Perú, el cual registra anualmente entre 15.000 a 20,000 nacidos vivos, donde se concentra gran número de pacientes de alto riesgo obstétrico.

  3. Estudo comparativo entre marcadores ultra-sonográficos morfológicos preditores de parto pré-termo: sinal do afunilamento do colo e ausência do eco glandular endocervical A comparative study between morphologic ultrasonographic markers for preterm delivery: funneling sign and absence of cervical gland area

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Claudio Rodrigues Pires

    2005-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar o risco de parto pré-termo (PPT espontâneo na população geral a partir do estudo comparativo dos marcadores ultra-sonográficos morfológicos do colo uterino, como o sinal do afunilamento e a ausência da área glandular endocervical. MATERIAIS E MÉTODOS: Foram arroladas 361 gestantes na população geral, submetidas a exame ultra-sonográfico transvaginal entre a 21ª e 24ª semana, e verificados os resultados perinatais. RESULTADOS: A incidência de PPT espontâneo foi de 5,0%. O sinal do afunilamento foi observado em 4,2% da população estudada e em 22,2% das pacientes que evoluíram para PPT espontâneo. Tal parâmetro mostrou associação significante com PPT (p OBJECTIVE: To verify if different morphological ultrasonographic markers such as the funneling sign and the cervical gland area can be predictors of spontaneous premature delivery in pregnant women between 21 and 24 weeks of gestation. MATERIALS AND METHODS: This was a prospective cross-sectional study in which 361 women with 21 to 24 weeks of gestation were examined by transvaginal ultrasonography. The gestational age at delivery was later checked by telephone or mail. RESULTS: Spontaneous preterm delivery (SPD occurred in 5% of the patients. Cervical funneling occurred in 4.2% of the women and in 22.2% of those who had SPD. This finding was correlated to preterm delivery (p < 0.001; relative risk of 6.68. Absence of a hypoechoic area peripheral to the cervical canal consistent with endocervical epithelium glands, namely endocervical glandular echo (EGE feature, was detected in 2.8% of all patients and in 44.4% of those who developed spontaneous preterm labor. There was a statistically significant association of this feature to SPD (p < 0.001; relative risk of 28.57. Multivariance logistic regression analysis showed that this was the feature with strongest correlation with SPD, when compared to cervical funneling. CONCLUSION: Prediction of SPD through

  4. O parto: encontro com o sagrado

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriana Tanese Nogueira

    2006-01-01

    Full Text Available El artículo objetiva presentar la cuestión de la humanización del parto en sus fundamentos culturales y antropológicos, con la intención de añadir el punto de vista no médico al debate. Fueran utilizados los pensamientos de dos conocidos estudiosos de las religiones: Rudolf Otto y Mircea Eliade, pero fueran las referencias teóricas que forman la filosofía y la práctica alquímica que hay sido utilizadas para analizar a experiencia de una mujer quien a las cuarenta semanas de gestación invierte el camino previsto en la búsqueda de una experiencia de parto la cual se reveló como extraordinaria. El resultado de la reflexión muestra las profundas ramificaciones que la humanización del parto implica para las mujeres, sea en términos de su dimensión psicológica como de su actuación en cuanto ciudadana, madre y mujer. Finalizamos apuntando los nuevos rumbos que la humanización del parto acarrea para sus actores, en cuanto un amplio movimiento de transformación del paradigma cultural y obstétrico.

  5. Depressão pós-parto em puérperas: conhecendo interações entre mãe, filho e família Depresión posparto en puérperas: conociendo interacciones entre madre, hijo y familia Postpartum depression in puerperal women: knowing the interactions among mother, son and family

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francisca Cláudia Sousa da Silva

    2010-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Conhecer a interação de puérperas, que apresentam depressão pós-parto, com seus filhos e compreender a percepção de familiares sobre a doença e cuidados maternos prestados por essas puérperas. MÉTODOS: Estudo qualitativo de caráter exploratório que teve como sujeitos do estudo quatro puérperas com depressão pós-parto, acompanhadas em um Centro de Atenção Psicossocial do município de Quixadá - CE e quatro familiares. Foram realizadas visitas domiciliárias para a execução de entrevistas em profundidade. Os dados foram analisados conforme a técnica de análise de conteúdo proposta por Morse e Field. RESULTADOS: As principais alterações emocionais relatadas foram o choro fácil e nervosismo. As puérperas sentiam-se frustradas e/ou inseguras quanto ao exercício da maternidade. Como agravante foi observado que familiares desconheciam o problema da depressão pós-parto. CONCLUSÃO: O cuidado de enfermagem nessa situação deve começar no pré-natal com avaliação da auto-estima, da rede de suporte social e da satisfação das futuras mães.OBJETIVO: Conocer la interacción de puérperas, que presentan depresión posparto, con sus hijos y, comprender la percepción de familiares sobre la enfermedad y cuidados maternos prestados por esas puérperas. MÉTODOS: Estudio cualitativo de carácter exploratorio que tuvo como sujetos de estudio cuatro puérperas con depresión posparto, acompañadas en un Centro de Atención Psicosocial del municipio de Quixadá (estado de Ceará, y cuatro familiares. Fueron realizadas visitas domiciliarias para la ejecución de entrevistas en profundidad. Los datos fueron analizados conforme la técnica de análisis de contenido propuesta por Morse e Field. RESULTADOS: Las principales alteraciones emocionales relatadas fueron el llanto fácil y el nervosismo. Las puérperas se sentían frustradas y/o inseguras en lo referente al ejercicio de la maternidad. Como agravante fue observado

  6. Correlação entre a idade materna, paridade, gemelaridade, síndrome hipertensiva e ruptura prematura de membranas e a indicação de parto cesáreo The influence of maternal age, parity, twin pregnancy, hypertensive syndrome and premature rupture of membranes on the indication for cesarean section

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Simone Angélica Leite de Carvalho Silva Cabral

    2003-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: verificar a contribuição da idade materna, paridade, gemelaridade, síndrome hipertensiva, ruptura prematura das membranas como fator de risco para cesárea. MÉTODOS: após aprovação do Comitê de Ética em Pesquisa da Maternidade Professor Monteiro de Morais, situada em Recife-PE, realizou-se estudo de caso-controle com 3919 gestantes, sem antecedente de duas ou mais cesáreas, que deram à luz concepto vivo, com idade gestacional igual ou superior a 28 semanas, peso mínimo de 1.000 g, em apresentação cefálica, no período de 1 de setembro de 1999 a 31 de agosto de 2000. No grupo caso foram incluídas mulheres submetidas a operação cesariana e no grupo controle, a parto vaginal. Com os dados constantes dos prontuários neonatais e obstétricos, realizou-se análise multivariada por regressão logística, buscando a equação matemática que relacione a probabilidade de ocorrência de cesárea decorrente de mais de uma variável independente atuando como fator de risco, utilizando odds ratio e intervalo de confiança de 95% (IC 95%, consideradas as variáveis: idade materna, paridade, gemelaridade, síndrome hipertensiva e ruptura prematura das membranas. RESULTADOS: as chances de cesárea foram aumentadas em 8,3 vezes (OR = 8,3; IC 95%: 3,7-19,1 na gemelaridade, 3,4 na síndrome hipertensiva (OR = 3,4; IC 95%: 2,9-4,0, 1,9 na primiparidade (OR = 1,9; IC 95% : 1,8-2,0, 1,5 na idade superior a 34 anos (OR = 1,5; IC 95%: 1,2-1,8 e 1,2 na presença de ruptura prematura das membranas (OR = 1,2; IC 95%: 1,0-1,4. CONCLUSÕES: ruptura prematura das membranas, idade superior a 34 anos, primiparidade, síndrome hipertensiva e gemelaridade constituíram fatores de risco para cesárea.PURPOSE: to verify the contribution of maternal age, parity, twin pregnancy, hypertensive syndrome, and premature rupture of membranes as risk factors for cesarean section. METHODS: after approval by the Ethics in Research Committee of the "Maternidade

  7. Evidências qualitativas sobre o acompanhamento por doulas no trabalho de parto e no parto Qualitative evidence of monitoring by doulas during labor and childbirth

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Raimunda Magalhães da Silva

    2012-10-01

    Full Text Available Objetivou-se elaborar uma metassíntese com as evidências sobre o trabalho das doulas no acompanhamento às mulheres em trabalho de parto e de parto. Realizou-se um levantamento nas bases de dados Medline, PubMed, SciELO, Lilacs, usando os descritores doulas, gestação, trabalho de parto, parto e terapia alternativa, no período de 2000 a 2009. Foram selecionados sete artigos e destes emergiram quatro categorias: suporte proporcionado por doulas; experiências das parturientes; relacionamento profissional; e opiniões e experiências dos profissionais. Os principais suportes estavam relacionados aos aspectos físico, emocional, espiritual e social. As experiências evidenciaram que as doulas estimulam a relação mãe e filho, orientam para uma amamentação bem-sucedida e contribuem para prevenir a depressão pós-parto. Observou-se controvérsia entre os profissionais quanto à aceitação deste novo membro na equipe obstétrica, e destacou-se o cuidado como inovador, que acalma, encoraja e supre as necessidades da gestante. Concluiu-se que os estudos qualitativos sobre este tema são recentes, incipientes, mas reveladores de uma importante possibilidade para a humanização do trabalho de parte e parto.The objective of this study was to conduct a metasynthesis of evidence of the work of doulas assisting women in labor and during childbirth. Articles between 2000 and 2009 were located in the Medline, PubMed, SciELO, and Lilacs databases using the key search words: doulas, gestation, labor, and alternative therapy. Seven articles were selected for the study and four categories were created: the support provided by doulas; the birth mother's experiences; professional relationship: and opinions and experiences of professionals. The doulas offered physical, emotional, spiritual and social support. Experiments showed that the professionals stimulated the mother/child relationship, oriented towards successful breastfeeding, and contributed to the

  8. Perineal Muscle Strength During Pregnancy and Postpartum: the Correlation Between Perineometry and Digital Vaginal Palpation Evaluación de la fuerza muscular perineal durante la gestación y posparto: correlación entre perineometría y palpación digital vaginal Avaliação da força muscular perineal durante a gestação e pós-parto: correlação entre perineometria e palpação digital vaginal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Luiza Gonzalez Riesco

    2010-12-01

    sexuais, enquanto a perineometria é mais utilizada para realizar exercícios perineais com biofeedback. O objetivo foi verificar se existe correlação entre os valores da força muscular perineal (FMP, avaliada pela perineometria, utilizando o perineômetro eletrônico, e por meio da palpação digital vaginal, utilizando a escala de Oxford. O estudo deriva de coorte prospectiva, com 330 mensurações, em 110 mulheres. A coleta de dados ocorreu em 2007 e 2008, em serviços de saúde de Itapecerica da Serra, São Paulo. A avaliação foi realizada em três momentos: até 12 semanas de gestação, entre 36-40 semanas, entre 42-60 dias pós-parto. O coeficiente de Spearman indicou forte correlação positiva entre os dois métodos de avaliação, nos três momentos (p<0,0001. Conclui-se que ambos os métodos são válidos para mensurar a FMP durante a gravidez e após o parto.

  9. Enfermedad periodontal: ¿es factor de riesgo para parto pretérmino, bajo peso al nacer o preeclampsia? Periodontal disease: is it a risk factor for premature labor, low birth weight or preeclampsia?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Luis Castaldi

    2006-04-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Evaluar si la enfermedad periodontal (EP constituye un factor de riesgo de parto pretérmino, bajo peso al nacer o preeclampsia y si hay alguna relación entre las formas clínicas de la EP y los resultados obstétricos mencionados. MÉTODOS: Estudio analítico, transversal y prospectivo de todas las mujeres que tuvieron su parto en el Hospital Dr. José Penna, de la ciudad de Bahía Blanca, Argentina, entre el 1.º de febrero y el 18 de julio de 2003 y entre el 1.º de marzo y el 31 de mayo de 2004. A las mujeres que cumplieron los criterios de inclusión (ser mayor de 18 años, tener al menos 18 dientes, no ser diabética y que los hijos hubieran sobrevivido al parto se les practicó un examen odontológico en busca de hemorragia al sondaje, movilidad dentaria o inflamación gingival y se realizaron mediciones clínicas de la pérdida de inserción. Se calcularon las razones de posibilidades (odds ratios, RP con sus intervalos de confianza del 95% (IC95% y se ajustaron los resultados por las variables "ser fumadora" y "tener anemia". RESULTADOS: Se registraron 2 003 nacimientos, correspondientes a 1 982 partos. Se excluyeron 420 (21,2% mujeres por no cumplir los criterios de inclusión o por no poder realizárseles el diagnóstico odontológico previsto. De las 1 562 mujeres evaluadas, 809 (51,8% presentaban alguna de las afecciones buscadas; de ellas, 274 (17,5% padecían EP grave y 535 (34,3% tenían gingivitis. En total, 149 (9,5% partos fueron pretérmino, en 161 (10,3% nacieron niños con bajo peso y en 157 (10,0% se presentaron casos de preeclampsia. No se observó asociación alguna entre la EP y el parto pretérmino (RP = 1,06; IC95%: 0,74 a 1,50, el bajo peso al nacer (RP = 1,05; IC95%: 0,74 a 1,47 y la preeclampsia (RP = 0,99; IC95%: 0,70 a 1,40. El riesgo de dar a luz un niño con bajo peso al nacer en el subgrupo de fumadoras de más de 10 cigarrillos diarios fue mayor en las que tenían enfermedad periodontal grave que

  10. Re-significando a dor e superando a solidão: experiências do parto entre adolescentes de classes populares atendidas em uma maternidade pública de Salvador, Bahia, Brasil Re-signifying pain, overcoming loneliness: childbirth experiences among working-class adolescents in a public maternity hospital in Salvador, Bahia, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cecilia McCallum

    2006-07-01

    Full Text Available Este artigo examina o parto em uma maternidade pública de Salvador, Bahia, Brasil, com base na perspectiva de mulheres jovens e adolescentes, a maioria das quais negras e de classes populares. O estudo, de caráter antropológico, baseia-se na análise de entrevistas e na etnografia do hospital, particularmente do centro obstétrico. As mulheres descrevem o trabalho de parto como dominado pelo medo, solidão e dor, sensações que se transformam em amor com o nascimento da criança. Enfocando o parto como um processo biossocial, o trabalho mostra como as jovens produzem significados durante o processo de parturição, enquanto se encontram envolvidas nas interações sociais próprias ao parto hospitalar, particularmente com os profissionais de saúde. Do ponto de vista simbólico, as parturientes experienciam o parto como um rito de passagem que legitima a maternidade, em um contexto social e institucional que, ao contrário, deslegitima a reprodução sexual de mulheres negras, jovens e de baixa renda e estigmatiza a maternidade na adolescência.This article examines childbirth in a public maternity hospital in Salvador, Bahia, Brazil, from the perspective of young and adolescent women, mostly black and working-class. As an anthropological study, it is based on the analysis of birth narratives and hospital ethnography, especially in the obstetric ward. The women describe labor as dominated by fear, loneliness, and pain. These feelings are transformed into love with the birth of the child. Viewing childbirth as a biosocial process, the authors show how the young women construct meanings during the birth; meanwhile, social interactions specific to hospital birth develop, particularly with healthcare professionals. Symbolically, women construct birth as a rite of passage legitimating motherhood, against the institution's effective de-legitimization of sexual reproduction in low-income black mothers and stigmatization of adolescent motherhood.

  11. Crescimento de alface hidropônica sob diferentes intervalos de irrigação Hydroponic lettuce growth under differents irrigation intervals

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fábio Zanella

    2008-04-01

    Full Text Available O intervalo entre irrigações é um importante critério a ser observado durante o cultivo hidropônico de hortaliças. Nesse contexto, objetivou-se com este trabalho avaliar a produtividade de duas cultivares de alface (Lactuca sativa L., Regina 2000 e Lucy Brown sob três intervalos de irrigação. O experimento foi conduzido no Centro Universitário Luterano de Ji-Paraná (CEULJI/ULBRA, entre setembro e dezembro de 2006. Foram testados três intevalos entre irrigações: 5; 15 e 30 minutos. Cada tratamento constou de quatro repetições de cada cultivar, em delineamento inteiramente casualisado. Analisou-se o número de folhas.planta-1, a massa fresca e massa seca total de cada planta. O aumento no intervalo entre irrigações levou a uma menor produção da alface. Assim, o intervalo de 5 minutos entre irrigações promoveu o maior ganho de massa para as duas cultivares avaliadas.The interval among irrigations is an important criterion taken into account during the hidroponic cultivation of vegetables. Thus, the present work aimed to evaluate the productivity of two lettuce (Lactuca sativa L. cultivars, Regina 2000 and Lucy Brown, in three irrigations intervals. The experiment was carried out at the Centro Universitário Luterano de Ji-Paraná (CEULJ/ULBRA, from September to December 2006. Three intervals between irrigations were used: 5; 15 and 30 minutes. Each treatment had four replications of both cultivars, in a complete randomized outline. The number of leaves.plant-1, total fresh mass and total dry mass were analyzed. There was an increase of the lettuce production according to the increase of the irrigation interval. Thus, 5 minutes among irrigations promoted the greater gain of mass for both cultivars evaluated.

  12. Prova de Trabalho de Parto Após uma Cesárea Anterior The Trial of Labor After one Cesarean Section

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Iracema de Mattos Paranhos Calderon

    2002-01-01

    Full Text Available Objetivo: estudar a validade da prova de trabalho de parto (PTP em gestantes com uma cesárea anterior. Métodos: estudo retrospectivo, tipo coorte, incluindo 438 gestantes com uma cesárea anterior ao parto em estudo e seus 450 recém-nascidos (RN, divididas em dois grupos - com e sem PTP. O tamanho amostral mínimo foi de 121 gestantes/grupo. Considerou-se variável independente a PTP e as dependentes relacionaram-se à ocorrência de parto vaginal e à freqüência de complicações maternas e perinatais. Foram efetuadas análises uni e multivariada, respectivamente. A comparação entre as freqüências (% foi analisada pelo teste do qui-quadrado (chi² com significância de 5% e regressão logística com cálculo do odds ratio (OR e do intervalo de confiança a 95% (IC95%. Resultados: a PTP associou-se a 59,2% de partos vaginais. Foi menos indicada nas gestantes com mais de 40 anos (2,7% vs 6,5% e nas portadoras de doenças associadas e complicações da gravidez: síndromes hipertensivas (7,0% e hemorragias de 3º trimestre (0,3%. A PTP não se relacionou às complicações maternas e perinatais. As gestantes que tiveram o parto por cesárea, independente da PTP, apresentaram maior risco de complicações puerperais (OR = 3,53; IC95% = 1,57-7,93. A taxa de mortalidade perinatal foi dependente do peso do RN e das malformações fetais e não se relacionou à PTP. Ao contrário, as complicações respiratórias foram mais freqüentes nos RN de mães não testadas quanto à PTP (OR = 1,92; IC95% = 1,20-3,07. Conclusões: os resultados comprovaram que a PTP em gestantes com uma cesárea anterior é estratégia segura - favoreceu o parto vaginal em 59,2% dos casos e não interferiu com a morbimortalidade materna e perinatal. Portanto, é recurso que deve ser estimulado.Purpose: to study trial of labor (TOL for vaginal birth after one previous cesarean section. Methods: this is a retrospective cohort study that included 438 pregnant women with

  13. Indicadores de risco para o parto prematuro Risk predictors for preterm birth

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roberto Eduardo Bittar

    2009-04-01

    Full Text Available Entre os vários fatores clínicos para o parto prematuro, alguns apresentam riscos substanciais, tais como história de parto prematuro, gemelidade e sangramento vaginal do segundo trimestre. No entanto, tais fatores estão presentes na minoria das mulheres que evoluem para o parto prematuro e, portanto, possuem baixa sensibilidade. A dilatação, o esvaecimento e a posição do colo uterino diagnosticados pelo toque vaginal têm sido relacionados ao aumento do risco para o parto prematuro, mas possuem baixas sensibilidades e baixos valores preditivos positivos. A diminuição do comprimento do colo uterino detectada pela ultrassonografia transvaginal também constitui risco para parto prematuro. Sua sensibilidade é melhor quando são considerados outros testes, mas o valor preditivo positivo é baixo. A principal utilidade do teste da fibronectina fetal reside em seu valor preditivo negativo em mulheres sintomáticas. Observa-se aumento da sensibilidade para a detecção do parto prematuro quando a medida do colo do útero é utilizada juntamente com o teste da fibronectina fetal.Among the clinical factors for preterm birth, some confer substantial increased risk, including a history of preterm birth, multiple gestation and vaginal bleeding in the second trimester. However, these factors are present only in a minority of women who ultimately deliver preterm and thus have low sensitivity. Cervical dilatation, effacement and position as determined by manual examination have been related to an increased risk of preterm birth but also suffer from low sensitivity and positive predictive values. Cervical length measured with transvaginal ultrasound has also been related to an increased risk of preterm birth as cervical length decreases. The reported sensitivity is better than other tests, but positive predictive value is low. The principal utility of the fetal fibronectin assay lies in its negative predictive value in symptomatic women. Increased

  14. Baixa dose de misoprostol sublingual (12,5 µg para indução do parto Low dose of sublingual misoprostol (12.5 µg for labor induction

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniele Sofia de Moraes Barros Gattás

    2012-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Descrever os resultados maternos e perinatais utilizando 12,5 µg de misoprostol sublingual para indução do parto em gestantes com feto vivo a termo. MÉTODOS: Realizou-se um estudo multicêntrico, tipo ensaio clínico, aberto e não randomizado, no período de julho a dezembro de 2009. Foram incluídas 30 gestantes com indicação de indução do parto, a termo, feto vivo, escore de Bishop menor ou igual a seis, apresentação cefálica, peso fetal estimado menor que 4.000 g e índice de líquido amniótico maior que cinco. Foram excluídas mulheres com cicatriz uterina, alteração da vitalidade fetal, anomalias congênitas, gestação múltipla, restrição de crescimento intrauterino, hemorragia genital e contraindicações ao parto vaginal. O comprimido de misoprostol sublingual 12,5 µg foi administrado a cada seis horas, até o início do trabalho de parto, máximo de oito doses. RESULTADOS: O trabalho de parto foi induzido satisfatoriamente em 90% das gestantes. As médias dos intervalos entre a primeira dose e o início das contrações uterinas e o parto foram de 14,3±11,7 horas e 25,4±13 horas, respectivamente. A frequência de parto vaginal foi de 60%. A taquissistolia ocorreu em duas gestantes, sendo revertida em ambos os casos sem necessitar de cesariana. A eliminação de mecônio foi observada em quatro pacientes e o escore de Apgar foi menor que sete no quinto minuto em um recém-nascido. CONCLUSÃO: Os desfechos maternos e perinatais foram favoráveis depois da indução do parto com misoprostol sublingual na dose de 12,5 µg a cada seis horas. No entanto, são necessários ensaios clínicos controlados comparando esse esquema posológico com outras doses e vias de administraçãoPURPOSE: To describe the maternal and perinatal outcomes after the use of 12.5 µg of sublingual misoprostol for labor induction in women with term pregnancy and a live fetus. METHODS: We conducted a multicenter, open and non

  15. Assistência ao parto com a presença do acompanhante: Experiências de profissionais Asistencia del parto con la presencia del acompañante: Experiencias de profesionales The partner’s presence in delivery care: The professionals´ experience

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiza Akiko Komura Hoga

    2007-03-01

    Full Text Available A Organização Mundial da Saúde recomenda a participação de um acompanhante de escolha da gestante no parto. Objetivo: descrever a experiência dos membros da equipe profissional relativa à presença do acompanhante no parto. Metodologia: A pesquisa foi realizada em um hospital público do Estado de São Paulo-Brasil, entre Janeiro e Junho de 2001 e entrevistados 24 profissionais das seguintes categorias: médico obstetra e neonatogista, enfermeira obstétrica e auxiliar de enfermagem. Resultados: a presença do acompanhante provocou reflexos positivos em vários aspectos da assistência ao parto; A implementação de projetos de inserção do acompanhante no parto requer preparação sistemática; A inserção do acompanhante deve ser parte de uma proposta ampla de humanização da assistência; A presença do acompanhante fez com que os profissionais identificassem novas demandas na assistência ao parto. Conclusões: Os profissionais e a estrutura física devem estar preparados para inserir o acompanhante no parto e esta deve ser uma medida que integre uma proposta ampla de humanização da assistência ao parto.La Organización Mundial de la Salud recomienda la participación de un acompañante en el parto. Objetivo: Describir la experiencia de los miembros del equipo profesional frente a la presencia del acompañante en el parto. Metodología: La investigación fue realizada en un hospital público del Estado de São Paulo, Brasil, entre enero y junio del 2001, y para ello fueron entrevistados 24 profesionales de las siguientes categorías: médico obstetra, neonatólogo, enfermera obstétrica y auxiliares de enfermería. Los datos fueron analizados inductivamente e identificadas las semejanzas en las experiencias individuales. Resultados: Estas fueron las categorías descriptivas emergentes: La presencia del acompañante fue positiva en varios aspectos de la asistencia del parto. La implementación de proyectos de inclusión del

  16. Indução da atividade cíclica ovariana pós-parto em vacas de corte submetidas à interrupção temporária do aleitamento associada ou não ao tratamento com norgestomet-estradiol

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Borges João Batista Souza

    2003-01-01

    Full Text Available Este experimento teve como objetivo comparar os efeitos do desmame temporário (DT por 72 horas associado ou não ao uso de Norgestomet (NOR e estradiol na fertilidade do estro induzido e no período reprodutivo de vacas de corte acíclicas no pós-parto. O grupo DT (n= 38 era constituído por vacas que tiveram os terneiros separados por 72 horas. O grupo NOR (n= 29 foi constituído por vacas que receberam (dia 0 um implante subcutâneo de Norgestomet e uma aplicação de Valerato de estradiol (5mg e Norgestomet (3mg, intramuscular. No momento da retirada dos implantes (dia 9, os terneiros foram separados por 72 horas. O intervalo desmame-estro foi significativamente mais curto (P0,05 entre os grupos. O grupo NOR apresentou uma menor incidência (P<0,05 de períodos curtos de atividade lútea (27,2% em relação as vacas não tratadas (40%. Os resultados demostraram que o tratamento de vacas de corte acíclicas com Norgestomet e estradiol determina um aumento na manifestação de estros após o desmame temporário por 72 horas, sem interferir nas taxas de prenhez do primeiro estro e da estação reprodutiva.

  17. Repercussões da depressão pós-parto no desenvolvimento infantil

    OpenAIRE

    Santos, Luísa Parreira; Universidade Federal do Triângulo Mineiro; Serralha, Conceição Aparecida; Universidade Federal do Triângulo Mineiro

    2015-01-01

    O presente trabalho tem como objetivo apresentar uma revisão da literatura científica nacional sobre as repercussões para o desenvolvimento emocional, social, comportamental e cognitivo do bebê, em contexto de depressão puerperal materna. Nesta revisão, foram recuperados trabalhos segundo os seguintes critérios de inclusão: artigos científicos de periódicos indexados, com publicação entre 2006 e 2012, no idioma português e que correlacionassem depressão pós-parto e desenvolvimento infantil. F...

  18. ALIMENTACIÓN DURANTE EL TRABAJO DE PARTO: ¿ES NECESARIO EL AYUNO?

    OpenAIRE

    Urrutia S.,María Teresa; Abarca C.,Cristian; Astudillo S.,Roxana; Llevaneras M.,Silvana; Quiroga T.,Natalia

    2005-01-01

    Estudio analítico de corte transversal sobre las características de alimentación e hidratación de 602 mujeres durante el trabajo de parto durante dos periodos. La información fue extraída por medio de una entrevista y la revisión de fichas clínicas. Para el análisis se utilizó t Student y Chi cuadrado. Entre 9,7 y 19,4% de las mujeres recibe comida en preparto y entre 30,4 y 33,2% recibe agua. No existen diferencias en la proporción de ingesta de agua y comida entre las madres con y sin patol...

  19. Transtornos psiquiátricos no pós-parto Postpartum psychiatric disorders

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Amaury Cantilino

    2010-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: O pós-parto é um período de alterações biológicas, psicológicas e sociais. Essa é considerada a época mais vulnerável para a ocorrência de transtornos psiquiátricos. A disforia puerperal, a depressão pós-parto e a psicose pós-parto têm sido classicamente relacionadas ao pós-parto. Atualmente, tem sido observado que os transtornos ansiosos também estão associados a esse período. MÉTODO: Neste artigo é feita uma revisão da bibliografia acerca de transtornos psiquiátricos no pós-parto a partir de artigos encontrados no PubMed e no SciELO entre os anos de 2000 e 2009. Livros, teses e outros artigos considerados relevantes citados no material consultado também foram incluídos. RESULTADOS: A disforia puerperal ocorre em 50% a 85% das mulheres, o quadro é leve e transitório e não requer tratamento. A depressão pós-parto tem prevalência em torno de 13%, pode causar repercussões negativas na interação mãe-bebê e em outros aspectos da vida da mulher e deve ser tratada. A psicose pós-parto é rara, aparecendo em cerca de 0,2% das puérperas. Tem quadro grave que envolve sintomas psicóticos e afetivos, havendo risco de suicídio e infanticídio e geralmente requerendo internação hospitalar. Os transtornos ansiosos podem ser exacerbados ou precipitados no pós-parto, especialmente o transtorno de ansiedade generalizada, o transtorno de estresse pós-traumático e o transtorno obsessivo-compulsivo. CONCLUSÃO: Apesar de não serem reconhecidos como entidades diagnósticas pelos sistemas classificatórios atuais, os transtornos mentais no puerpério apresentam peculiaridades clínicas que merecem atenção por parte de clínicos e pesquisadores.OBJECTIVE: The postpartum period is marked by biological, psychological and social changes. Women are considered most susceptible to psychiatric disorders during the postpartum period. Puerperal blues, postpartum depression and postpartum psychosis have been

  20. Impacto da idade materna sobre os resultados perinatais e via de parto Impact of maternal age on perinatal outcomes and mode of delivery

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Graciete Helena Nascimento dos Santos

    2009-07-01

    Full Text Available OBJETIVO: analisar a associação entre idade materna, resultados perinatais e via de parto. MÉTODOS: foram analisadas as informações de todas as pacientes atendidas no Serviço de Obstetrícia e Ginecologia de um hospital universitário terciário do Maranhão, no período de Julho a Dezembro de 2006. Foram alocadas em três grupos: adolescentes (10 a 19 anos, adultas (20 a 34 anos e mulheres de idade avançada (>35 anos. As variáveis estudadas foram cor, escolaridade, situação conjugal, renda familiar, paridade, número de consultas no pré-natal, idade gestacional no início do pré-natal, local do pré-natal, duração da gestação, tipo de parto, índice de Apgar no quinto minuto e peso ao nascer. Os dados foram processados no programa Epi-Info versão 3.4.1 e foram analisadas as associações entre as variáveis pela razão dos produtos cruzados, a Odds Ratio (OR, com intervalo de confiança (IC de 95%. O nível de significância adotado foi de 0,05. RESULTADOS: em 2.196 pacientes, foi verificada frequência de 25% dos partos em adolescentes, 69% em adultas e 6% de mulheres em idade avançada. Entre as adolescentes foi verificado maior risco de prematuridade (OR=1,46;IC95%=1,14-1,88 e baixo peso ao nascer (OR=1,47; IC95%=1,13-1,90, maior frequência de partos normais entre todos os grupos (65,2%, além da associação com início tardio do pré-natal (OR=1,86; IC95%=1,43-2,43, menor número de consultas (OR=2,03;IC95%=1,57-2,63 e uso de abortivo no início da gestação (OR=2,34; IC95%=1,38-3,98. Em mulheres com idade avançada constatamos forte associação com diabetes mellitus (OR=9,00; IC95%=3,18-25,19, pré-eclâmpsia (OR=4,38; IC95%=3,02-6,34, ruptura prematura de membranas (OR=5,81; IC95%=3,08-10,89, além de maior chance do índice de Apgar no quinto minuto ser menor que sete (OR=2,90; IC95%=1,37-6,01 e maior frequência de parto operatório cesáreo (60,3%. CONCLUSÕES: a gravidez na adolescência esteve associada a in

  1. Prevalência da depressão pós-parto e fatores associados

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Moraes Inácia Gomes da Silva

    2006-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a prevalência e os fatores associados à depressão pós-parto. MÉTODOS: O estudo foi realizado na cidade de Pelotas, entre outubro e novembro de 2000. As mães (n=410 foram entrevistadas no hospital, utilizando dois questionários sobre informações obstétricas e psicossociais. Posteriormente, as puérperas foram visitadas em casa, entre 30 a 45 dias depois do parto, quando foi aplicada a Escala de Hamilton com o objetivo de medir e caracterizar a presença de sintomas depressivos. O teste do qui-quadrado foi utilizado na comparação entre proporções e a regressão logística não condicional, na análise multivariada. Os dados foram analisados hierarquicamente: no primeiro nível as variáveis socioeconômicas, no segundo, as variáveis demográficas, no terceiro, estavam as variáveis obstétricas e no último nível, as variáveis psicossociais. RESULTADOS: A prevalência de depressão pós-parto encontrada foi de 19,1%. As variáveis renda familiar (OR=5,24; IC 95%: 2,00-13,69, preferência pelo sexo da criança (meninos: OR=3,49; IC 95%: 1,76-6,93 e pensar em interromper a gestação (OR=2,52; IC 95%: 1,33-4,76, apresentaram associação com a ocorrência de depressão. CONCLUSÕES: Os achados sugerem que baixas condições socioeconômicas de vida da puérpera e a não aceitação da gravidez são elementos-chave no desenvolvimento da depressão pós-parto.

  2. Induction of labor with titrated oral misoprostol solution versus oxytocin in term pregnancy: randomized controlled trial Indução do trabalho de parto por meio de solução oral titulada de misoprostol versus oxitocina em gestação a termo: estudo controlado randomizado

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rezvan Aalami-Harandi

    2013-02-01

    registrado em irct.ir, número IRCT2012061910068N1. RESULTADOS: A falha de indução levando à necessidade de cesariana foi de aproximadamente 38.3% no grupo tratado com oxitocina, sendo significativamente maior em relação ao grupo tratado com misoprostol (20,3% (p<0,001. Apesar da falha mais prevalente no grupo tratado com oxitocina, os intervalos médios entre indução e fase ativa e trabalho de parto nesse grupo foram ambos significativamente menores em relação ao grupo tratado com misoprostol (10,1±6,1 e 13,2±7,7 versus 12,9±5,4 and 15,6±5,1 horas, respectivamente, sendo ambos os p-valores <0,05. Complicações maternas e fetais foram comparáveis entre grupos, com exceção dos sintomas gastrointestinais, que foram encontrados mais frequentemente no grupo tratado com misoprostol (10,9 versus 3,9%, p=0,03. CONCLUSÕES: O misoprostol é droga segura e eficaz para a indução do parto, com poucas complicações. Falhas são menos observadas e cesáreas são indicadas menos frequentemente com o misoprostol em relação à oxitocina.

  3. PERCEPÇÃO DE MULHERES SOBRE A VIVÊNCIA DO TRABALHO DE PARTO E PARTO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Andressa Suelly Saturnino de Oliveira

    2010-01-01

    Full Text Available La visión sobre el parto y cómo es percatado son singulares. Por lo tanto, cada mujer debe recibir una asistencia diferenciada. El objetivo fue conocer la percepción de las puérperas en cuanto a su experiencia de trabajo de parto y parto. Estudio que utiliza abordaje cualitativo, exploratorio y descriptivo realizado en un hospital público de nivel secundario de Fortaleza - Ceará, con catorce puérperas que estaban en Alojamiento Conjunto. Los datos fueron recolectados en agosto y septiembre de 2009, a través de entrevista semiestructurada. Las declaraciones fueron organizadas según la técnica de Análisis de Contenido. Las descripciones de trabajo de parto y parto hicieron hincapié en sentir alivio al superar el dolor y felicidad en ser capaz de tener al niño en los brazos, sin embargo la sensación de dolor se presentó como criterio para clasificar el momento como algo negativo, aunque sea necesaria en el nacimiento. Se concluye que la experiencia del trabajo de parto debe ser tenida en cuenta, ya que trae consecuencias para la participación de la mujer en el parto.

  4. Saúde bucal materna associada ao parto prétermo e baixo peso dos recém-nascidos: um estudo transversal

    OpenAIRE

    Oliveira, Dhelfeson Willya Douglas de; Celestino, Camila Gabriela Coelho; Corrêa, Gustavo Valério; Alencar, Bruna Mota de; Flecha, Olga Dumont; Fernandes, Daisy de Rezende Figueiredo; Gonçalves, Patricia Furtado

    2016-01-01

    Objetivo: O objetivo deste estudo foi investigar a associação entre a condição de saúde bucal materna, parto pré-termo e/ou baixo peso de recém-nascido, e avaliar as condições socioeconômicas das puérperas. Materiais e Métodos: Um estudo transversal foi realizado em Diamantina (MG). A amostra foi constituída de 200 parturientes que foram entrevistadas e examinadas no pós-parto. As seguintes variáveis foram investigadas: baixo peso ao nascer e parto pré-termo, registro periodontal simplificado...

  5. MÉTODOS NÃO FARMACOLÓGICOS DE ALÍVIO DA DOR DURANTE TRABALHO DE PARTO E PARTO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eveline Franco da Silva

    2011-01-01

    Full Text Available RESUMO: Objetivou-se analisar as produções científicas relacionadas aos métodos não farmacológicos de alívio da dor durante trabalho de parto e parto, por meio de uma revisão integrativa da literatura desenvolvida por meio das bases de dados Literatura Latino-Americana em Ciências de Saúde (LILACS e Scientific Electronic Library Online (SciELO. Foram incluídos 21 artigos, oriundos de estudos realizados no Brasil, publicados no período de 2003 e 2009. Os estudos abordaram: mobilidade, hidroterapia, crioterapia, estimulação elétrica transcutânea, técnicas de respiração e relaxamento. A região sudeste apresentou maior número de publicações, com maior incidência entre os anos de 2005 a 2007. Quanto à autoria, evidenciou-se maior empreendimento dos enfermeiros sobre os demais profissionais. A evidência da redução do medo e do uso de analgésicos e anestésicos possibilita sacramentar o uso destas terapias. O estudo permitiu a visibilidade às produções científicas sobre esta temática, apontando para a importância da realização de estudos exploratórios.

  6. INTERVALOS DE INTEGRACIÓN UNIFICADOS PARA LA CARACTERIZACIÓN ESTRUCTURAL DE PETRÓLEOS, CARBONES O SUS FRACCIONES POR RMN 1H Y RMN 13C

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Avella Eliseo

    2010-09-01

    Full Text Available Con base en la revisión de publicaciones, hechas entre 1972 y 2006, se evidenció que hay imprecisiones en los límites de los intervalos de integración que los autores asignan a las señales en resonancia magnética nuclear (RMN para hacer la caracterización estructural de petróleos, carbones o sus fracciones derivadas, a partir de sus espectros de hidrógeno (RMN 1H o de carbono (RMN 13C. En consecuencia, se determinaron límites unificados para la integración de los espectros RMN 1H y RMN 13C de tales muestras mediante un tratamiento estadístico aplicado a los límites de los intervalos de integración ya publicados. Con esos límites unificados se elaboraron cartas de correlación en RMN útiles para la asignación de la integral en esos intervalos, y aun en otros de menor extensión definidos en función de la intersección entre asignaciones diferentes. Además se plantearon ecuaciones necesarias para establecer la integral atribuible a fragmentos más específicos en un intento por hacer una caracterización estructural más exacta a partir de los espectros RMN de petróleos, carbones o sus fracciones derivadas.

  7. Ajuste digital del cero y el intervalo de medida en un transmisor con salida analógica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jorge Ramírez Beltrán

    2010-11-01

    Full Text Available Normal 0 21 false false false MicrosoftInternetExplorer4 /* Style Definitions */ table.MsoNormalTable {mso-style-name:"Tabla normal"; mso-tstyle-rowband-size:0; mso-tstyle-colband-size:0; mso-style-noshow:yes; mso-style-parent:""; mso-padding-alt:0cm 5.4pt 0cm 5.4pt; mso-para-margin:0cm; mso-para-margin-bottom:.0001pt; mso-pagination:widow-orphan; font-size:10.0pt; font-family:"Times New Roman"; mso-ansi-language:#0400; mso-fareast-language:#0400; mso-bidi-language:#0400;} Normal 0 21 false false false MicrosoftInternetExplorer4 /* Style Definitions */ table.MsoNormalTable {mso-style-name:"Tabla normal"; mso-tstyle-rowband-size:0; mso-tstyle-colband-size:0; mso-style-noshow:yes; mso-style-parent:""; mso-padding-alt:0cm 5.4pt 0cm 5.4pt; mso-para-margin:0cm; mso-para-margin-bottom:.0001pt; mso-pagination:widow-orphan; font-size:10.0pt; font-family:"Times New Roman"; mso-ansi-language:#0400; mso-fareast-language:#0400; mso-bidi-language:#0400;} Por lo general, los transmisores de presión se fabrican para ser utilizados en un intervalo fijo de medición. Contar con un transmisor de rango variable representa una ventaja notable para muchos usuarios interesados en trabajar en diferentes intervalos de medición. Con la realización de este trabajo se obtuvo un transmisor de presión con salida analógica que permite ser ajustado digitalmente en cero e intervalo de medida según las necesidades de cada usuario. Para ello fue necesario partir de un algoritmo básico de compensación y calibración, y desarrollar e implementar un procedimiento matemático a fin de lograr el ajuste digital del intervalo deseado utilizando un microprocesador. También se diseñaron y analizaron las principales funciones que debe realizar un programa de obtención de coeficientes básicos y un programa de usuario. Este último es el que permite entre otras opciones conectarse al transmisor desde una PC y cambiar el rango de medición del

  8. Influência da mobilidade materna na duração da fase ativa do trabalho de parto

    OpenAIRE

    Bio, Eliane; Bittar, Roberto Eduardo; Zugaib, Marcelo

    2006-01-01

    OBJETIVOS: investigar a influência da mobilidade da parturiente durante a fase ativa do trabalho de parto. MÉTODOS: foi realizado ensaio clínico controlado prospectivo, com análise comparativa entre um grupo de tratamento (n=50) e um grupo controle (n=50), no Centro Obstétrico do Hospital Universitário da Universidade de São Paulo (USP). Os critérios de inclusão foram: primigestas com feto único em apresentação cefálica; idade gestacional entre 37 e 42 semanas; parturientes com pelo menos dua...

  9. Assessment of pelvic floor by three-dimensional-ultrasound in primiparous women according to delivery mode: initial experience from a single reference service in Brazil Avaliação do assoalho pélvico por meio da ultrassonografia tridimensional de mulheres primíparas de acordo com o tipo de parto: experiência inicial de um centro de referência do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edward Araujo Júnior

    2013-03-01

    tipo de parto: cesariana eletiva (n=10, parto vaginal (n=16 e fórceps (n=9. A ultrassonografia tridimensional do assoalho pélvico foi realizada no segundo dia pós-parto com a paciente em repouso. Utilizou-se transdutor convexo volumétrico (RAB4-8L em contato com os grandes lábios vaginais, estando a paciente em posição ginecológica. Medidas biométricas do hiato urogenital foram tomadas no plano axial da imagem renderizada para avaliar a área, os diâmetros anteroposterior e transverso, a espessura média e a avulsão do músculo elevador do ânus. Diferenças entre os grupos foram avaliadas pela determinação da média das diferenças com seus respectivos intervalos de confiança de 95%. As proporções de avulsão do músculo elevador do ânus foram comparadas entre a cesárea eletiva e o parto vaginal pelo teste exato de Fisher. RESULTADOS: As áreas médias do hiato urogenital dos partos vaginais e fórceps foram 17,0 e 20,1 cm², respectivamente, contra 12,4 cm² do Grupo Controle (cesárea eletiva. Avulsão do músculo elevador do ânus foi observado em mulheres submetidas ao parto vaginal (3/25; no entanto, não houve diferença significativa entre os grupos cesárea e parto vaginal (p=0,5. CONCLUSÃO: A ultrassonografia tridimensional por via perineal foi útil na avaliação do assoalho pélvico de mulheres primíparas, diferenciando alterações pélvicas de acordo com o tipo de parto.

  10. Representações sociais de adolescentes mães acerca do momento do parto Representaciones sociales de madres adolescentes acerca del momento del parto Social representations of adolescent mothers about parturition

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vera Lúcia de Oliveira Gomes

    2011-06-01

    Full Text Available Objetivou-se, neste estudo exploratório-descritivo, compreender as Representações Sociais de adolescentes mães, acerca do parto. Coletaram-se os dados no segundo semestre de 2007 por meio de entrevistas com sete adolescentes primigestas e primíparas, com idade entre 15 e 18 anos, internadas em maternidade no sul do país. A análise temática foi utilizada para tratamento dos dados, delineando-se duas categorias "expectativas" e "vivências" da parturição. As expectativas foram observadas de forma dicotômica, umas temerosas pela dor, outras confiantes. As vivências foram permeadas pela sensação de solidão e constrangimento. Compreender o momento do parto pela perspectiva das adolescentes é fundamental para que o(a enfermeiro(a planeje e execute uma adequada assistência, reduzindo o impacto das representações negativas associadas ao parto. Essa modalidade de cuidar requer uma equipe capacitada e sensível às especificidades das adolescentes, para proporcionar-lhes um parto humanizado, por meio da adoção incondicional de princípios éticos, humanísticos e da garantia dos direitos legais.El objetivo, en este estudio exploratorio-descriptivo, fue comprender las Representaciones Sociales de las madres adolescentes acerca del parto. Se recopilaron los datos en el segundo semestre de 2007 por medio de entrevistas con siete adolescentes primigestas y primíparas, con edades comprendidas entre 15 y 18 años, internadas en un hospital de maternidad en el sur del país. Fue utilizado el análisis temático para el procesamiento de datos, identificándose dos categorías "expectativas" y "experiencias" de parto. Las expectativas fueron objetivadas de forma dicotómica, unas temerosas por el dolor, otras seguras de si mismas. Las experiencias fueron permeadas por la sensación de soledad y vergüenza. Comprender el momento del parto desde la perspectiva de las adolescentes es esencial para el(la enfermero(a planear y ejecutar una

  11. Métodos para indução do parto Methods for labor induction

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Olímpio Barbosa de Moraes Filho

    2005-08-01

    Full Text Available O interesse da obstetrícia moderna pela indução do parto é demonstrado pela grande quantidade de artigos científicos publicados nos últimos anos. Os avanços da medicina em geral e da obstetrícia em particular têm permitido que mais gestações de risco evoluam até o termo ou próximo dele, com indicação materna ou fetal de interrupção da gestação antes do desencadeamento do trabalho de parto espontâneo. Isso coloca o obstetra na situação entre a escolha da cesárea ou da indução do parto. Para que o obstetra faça a escolha pela indução do parto e desta forma colabore com a diminuição da incidência de cesárea, é necessário que haja método acessível, barato, seguro, efetivo, de fácil utilização e de boa aceitabilidade. Embora exista grande quantidade de métodos de indução do parto relatados na literatura médica, sabe-se que ainda não há método ideal. No entanto, dentre eles, dois se destacam. O primeiro é a ocitocina, que possui as vantagens de promover contrações uterinas fisiológicas de trabalho de parto e com possibilidade de reverter os quadros de aumento da contratilidade uterina com a sua suspensão. O outro método é o misoprostol, o mais utilizado na atualidade, que amadurece o colo uterino e provoca contrações uterinas de trabalho de parto. No entanto, em relação ao misoprostol ainda existem controvérsias sobre sua dose e via ideal e segurança.The interest of modern obstetrics in labor induction can be demonstrated by the huge amount of scientific articles published during the last few years. The advances of medicine in general and particularly of obstetrics allowed that more risky pregnancies reach term or near term, with a maternal or fetal indication for pregnancy interruption before the spontaneous onset of labor and delivery. This leads the obstetrician to the situation of choosing between cesarean section and labor induction. With the aim of helping the obstetrician to make the

  12. Intervalos de referencia de minerales en cerdos confinados de diferentes genéticas y categorías

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    LUNA ML

    2017-08-01

    Full Text Available En Argentina, no existen datos regionales de intervalos de referencia de minerales en cerdos según las líneas genéticas actuales y distintas categorías de producción en sistema intensivo. Por ello, el objetivo del presente estudio fue determinar intervalos de minerales: calcio, fósforo, magnesio, sodio, potasio, hierro, cobre y cinc, en suero de cerdos en establecimientos del centro de Santa Fe y de Entre Ríos. Se trabajó con 300 muestras de sangre de cerdos sanos de dos líneas genéticas diferentes en las categorías de lechones recién nacidos, lechones destetados, hembras nulíparas gestantes seleccionadas fenotípicamente para la reposición del plantel, y hembras multíparas gestantes. Se determinaron las concentraciones séricas de los minerales por espectrofotometría de absorción atómica (FAAS con un equipo Perkin Elmer modelo Analys 200, con métodos oficiales de AOAC. Se analizaron también muestras de agua. Los intervalos de referencia se calcularon utilizando parámetros paramétricos o no paramétricos dependiendo de la distribución de los datos. Los valores medios, medianas, valores mínimo y máximo e intervalos de referencia, para los distintos minerales en cada categoría productiva, se presentan en tablas. Los intervalos de referencia calculados serán útiles para el diagnóstico de deficiencias mineral y la vigilancia nutricional en cerdo de producción de carne. SUMMARY. Mineral reference intervals in confined swine with different genetic background and categories. In Argentina, there is no regional data on mineral reference intervals in swine, according to the genetic lines, categories of production in intensive systems. The objective of this study was to establish ranges of the following serum minerals: calcium, phosphorus, magnesium, sodium, potassium, iron, copper and zinc, in swine farmed in Santa Fe and Entre Ríos. Blood samples were collected from 300 healthy pigs of two different genetic lines belonging

  13. Evolução da migração de partos para Aracaju, Sergipe, Brasil, 1970-1996

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gurgel Ricardo Queiroz

    2003-01-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo é descrever a evolução da migração de partos do interior do Estado de Sergipe para a capital (Aracaju, no período compreendido entre 1970 e 1996. Para tanto utilizou-se a informação "município de residência da mãe" cujo parto ocorreu nas maternidades de Aracaju, nos anos de 1970, 1976, 1986 e 1996. Ao se estudar as proporções de mães não residentes em Aracaju, verificaram-se diferenças significativas, sendo que o período com maiores percentuais de migração ocorreu entre 1976 e 1986. A migração foi estimulada pela melhoria das rodovias que dão acesso à capital (a partir de 1970 e pelo incentivo político com fins eleitoreiros (clientelismo. Assim, a melhoria na estrutura hospitalar do interior não impediu o aumento da migração para a capital. Em Sergipe, no período em estudo, houve um crescimento de 134,6% do número de partos ocorridos na capital, provenientes de outras localidades. Além disso, observa-se intensidades de variação diferenciadas, quando se analisa o fenômeno por regiões, tendo em vista a melhoria das condições de acessibilidade. Faz-se necessária a regionalização e hierarquização da assistência ao parto e ao recém-nascido, para que se possa dar um atendimento adequado às gestantes e aos seus filhos.

  14. Evolução da migração de partos para Aracaju, Sergipe, Brasil, 1970-1996

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ricardo Queiroz Gurgel

    Full Text Available O objetivo deste estudo é descrever a evolução da migração de partos do interior do Estado de Sergipe para a capital (Aracaju, no período compreendido entre 1970 e 1996. Para tanto utilizou-se a informação "município de residência da mãe" cujo parto ocorreu nas maternidades de Aracaju, nos anos de 1970, 1976, 1986 e 1996. Ao se estudar as proporções de mães não residentes em Aracaju, verificaram-se diferenças significativas, sendo que o período com maiores percentuais de migração ocorreu entre 1976 e 1986. A migração foi estimulada pela melhoria das rodovias que dão acesso à capital (a partir de 1970 e pelo incentivo político com fins eleitoreiros (clientelismo. Assim, a melhoria na estrutura hospitalar do interior não impediu o aumento da migração para a capital. Em Sergipe, no período em estudo, houve um crescimento de 134,6% do número de partos ocorridos na capital, provenientes de outras localidades. Além disso, observa-se intensidades de variação diferenciadas, quando se analisa o fenômeno por regiões, tendo em vista a melhoria das condições de acessibilidade. Faz-se necessária a regionalização e hierarquização da assistência ao parto e ao recém-nascido, para que se possa dar um atendimento adequado às gestantes e aos seus filhos.

  15. Parâmetros reprodutivos para gado holandês em confinamento total no centro-oeste do Brasil

    OpenAIRE

    Pimentel, Concepta Margaret McManus; Louvandini, Helder; Falcão, Rui Arruda; Garcia, José Américo Soares; Saueressig, Moacir Gabriel

    2008-01-01

    Com o objetivo de estimar os efeitos da idade ao primeiro parto (IPP), intervalo entre partos (IEP), tipos de parto (TP) e mortalidade (MORT) nos parâmetros genéticos, foram analisados 1.255 registros de mortalidade, 774 registros de intervalo entre partos, 1.255 registros de período de gestação (PG), 402 registros de idade ao primeiro parto e 3.344 registros de prenhez (PRE) de vacas da raça Holandesa do plantel do Centro Especial de Sistema Intensivo de Produção de Leite (CESIPL/EMBRAPA). A...

  16. Estimativas de herdabilidade e correlações fenotípicas, genéticas e de ambiente entre algumas características reprodutivas e produção de leite na raça Gir Estimates of heritability and genetic relationship between some reproductive traits and milk yield in Gyr cattle

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    E.S. Balieiro

    2003-02-01

    Full Text Available Os objetivos deste estudo foram estimar herdabilidades e correlações fenotípica, genética e de ambiente entre produção de leite (PL, idade ao primeiro parto (IPP e intervalo de partos (IDP na raça Gir, com emprego de análises uni e bicarácteres sob o método da máxima verossimilhança restrita, por meio de algorítmo livre de derivadas (MTDFREML, ajustando modelos-animal. O modelo matemático para estudar a PL incluiu os efeitos fixos de rebanho-ano de parto e época de parto e idade ao parto como covariável (linear e quadrática e, além do resíduo, os efeitos aleatórios de animal e ambiente permanente. Para a IPP o modelo incluiu os efeitos fixos rebanho-ano de nascimento e época de nascimento, e efeito animal como aleatório. O modelo adotado para estudar IDP contemplou os efeitos fixos rebanho-ano de parto e época de parto e idade da vaca ao parto como covariável, e mais os efeitos aleatórios de animal, ambiente permanente e resíduo. Por meio de análises bicarácteres, as estimativas de herdabilidade foram, respectivamente: PL1 e IPP = 0,25 e 0,18; PL1 e IDP1 = 0,27 e 0,07; PL2 e IDP2 = 0,20 e 0,05; PL3 e IDP3 = 0,17 e 0,05. As estimativas de correlações fenotípica, genética e de ambiente foram, respectivamente: PL1 e IPP = 0,02, -0,29 e 0,11; PL1 e IDP1= 0,23, 0,52 e 0,19; PL2 e IDP2 = 0,26, 0,54 e 0,23; PL3 e IDP3 = 0,25, 0,13 e 0,27.The objectives of this study were to estimate heritabilities as well as phenotypic, genetic and environmental relationship between milk yield (MY, age at first calving (AFC and calving intervals (CI on Gyr dairy breed, using a multivariate derivative-free restricted maximum likelihood (MTDFREML with an animal model. The mathematic model included herd-year of calving, calving season, and age of cows (covariate as fixed effects, and animal, permanent environmental and error as random effects for milk yield. The model for age at first calving included herd-year of birth and season of birth

  17. The meaning given by the healthcare professional to labor and humanizing delivery El significado dado por el profesional de salud al trabajo de parto y parto humanizado O significado dado pelo profissional de saúde para trabalho de parto e parto humanizado

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alessandra dos Santos Mabuchi

    2008-01-01

    Full Text Available OBJECTIVE: To understand the meaning the healthcare professional in charge of the woman in childbirth gives to labor and humanizing delivery. METHODS: This is a qualitative research with a phenomenological perspective. Seven physicians and four nurses working at the obstetric center of a public hospital in the city of São Paulo were interviewed. RESULTS: After data analysis, two subthemes emerged: Understanding labor and humanizing delivery as a group of differentiated healthcare and behavioral measures, and Identifying failures in the search for healthcare humanization. CONCLUSION: The study showed that there are still disagreements regarding what is understood as humanizing delivery and what is done in practice. Humanization remains a government policy that is far from efficient, not only because of infrastructural deficits or financial shortages, but because of a lack of contact with the theme, resulting in healthcare that is not individualized or human.OBJETIVO: Comprender el significado que el profesional de salud que atiende a la parturienta, da al trabajo de parto y parto humanizado. MÉTODOS: Se trata de uma investigación cualitativa con perspectiva fenomenológica. Fueron entrevistados siete médicos y cuatro enfermeras que trabajaban en el Centro Obstétrico de un hospital público del Municipio de Sao Paulo. RESULTADOS: Después del análisis de los datos emergieron dos subtemas: Comprendiendo el trabajo de parto y parto humanizado como un conjunto de medidas asistenciales y de comportamiento diferenciado, e Identificando fallas en la búsqueda de la humanización de la asistencia, los cuales al ser sintetizados dieron origen al fenómeno mayor de la experiencia de los sujetos: Vivenciando la desarmonía entre teoría y práctica en la búsqueda de la humanización de la asistencia. CONCLUSIÓN: En el estudio se evidenció que aun hay discordancia referente a lo que se entiende por parto humanizado y lo que se realiza en la pr

  18. Utilidad del tratamiento con hidratación y nifedipino en la amenaza de parto pretérmino

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carmen A. Argote Viñals

    2014-08-01

    Full Text Available Se realizó un estudio transversal en gestantes ingresadas con el diagnóstico de amenaza de parto pretérmino, en la sala de cuidados maternos-perinatales del Servicio de Obstetricia del Hospital General Docente “Dr. Ernesto Guevara” de Las Tunas, con el objetivo de determinar la utilidad del tratamiento de la amenaza de parto pretérmino con el empleo de hidratación y nifedipino como terapéutica de elección, en una muestra de 86 gestantes con embarazo viable entre 28 y 34 semanas, que recibieron como tratamiento de ataque la hidratación endovenosa, el reposo en cama y el uso de bloqueadores de los canales del calcio. Se estudiaron como variables: edad materna, edad gestacional al ingreso, paridad, antecedentes personales, tiempo para la desaparición de los síntomas, estadía en la sala de cuidados maternos perinatales y tocolíticos empleados. Predominaron las gestantes de entre 20 y 24 años de edad; las de edad gestacional al ingreso entre 32 a 34 semanas, 37 casos para un 43,1%; las que tenían un parto anterior, 42 (48,8%. Los abortos espontáneos previos (26,7% y el parto prematuro anterior (24,4% resultaron los antecedentes patológicos maternos más significativos. El 53,6% de las gestantes necesitaron tres horas para la desaparición de los síntomas y tres días para estar de alta. El 89,6% pudo llegar al término de su gestación. El empleo de nifedipino e hidratación como tratamiento de elección en la amenaza de parto pretérmino se relacionó con la reducción en el tiempo de alivio de los síntomas, una menor estadía y la prolongación de la gestación, lo que hace a este esquema terapéutico como el más recomendable para la atención de este problema de salud en condiciones similares a la de la investigación

  19. Via de parto em gestações sucessivas em adolescentes: estudo de 714 casos Route of delivery in successive gestations in adolescents: study of 714 cases

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vamberto Oliveira de Azevedo Maia

    2004-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: analisar a associação da via de partos consecutivos de 714 gestantes adolescentes, que pariram na Maternidade do Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Pernambuco, no período de janeiro a dezembro de 2001. PACIENTES E MÉTODOS: em estudo prospectivo, analítico, transversal, tipo incidência, foi analisada a sucessão das vias de parto da primeira até a quarta gestação de 714 parturientes adolescentes, com idade variando entre 13 e 19 anos (média 17,2±1,5 anos. Identificando-se, no livro da sala de parto, a cada dia, as adolescentes que pariram, após ter obtido o consentimento livre e esclarecido, cada uma respondeu a um questionário estruturado, com 65 perguntas diretas e respostas fechadas, pré-codificadas, entre as quais estavam vias de parto e o número de gestações. RESULTADOS: observou-se que 527 (73,8% adolescentes tiveram uma única parturição, 149 (20,9% duas parturições, 35 (4,9% três partos e 3 (0,4% quatro partos. Dentre os 273 partos cesáreos, 207 (75,8% ocorreram em primíparas, 65 (23,8% em paucíparas e 1 (0,4% em multípara. Houve associação estatisticamente significante entre via de parto da primeira e da segunda parturições; em 83 (55,7% gestantes adolescentes quanto à via transvaginal e em 41 (27,5%, para a via cesárea. Coincidiram também as vias de parto de segunda e terceira parturições, em 23 (65,7% gestantes adolescentes no parto transvaginal e em outras 10 (28,6% na cesárea. CONCLUSÃO: identificou-se tendência da coincidência das vias de parto em gestações sucessivas em parturientes adolescentes, até a terceira parturiçãoPURPOSE: to analyze the association between modes of consecutive deliveries of 714 adolescents attended at the Maternity sector of the Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Pernambuco (Federal University of Pernambuco, from January to December 2001. PATIENTS AND METHODS: according to a prospective, analytic, transversal, and incidence

  20. Comportamiento productivo y reproductivo al parto y al destete en cerdas de siete líneas genéticas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Alberto García-Munguía

    2014-01-01

    Full Text Available El objetivo del estudio fue evaluar los efectos de línea genética (LG, número de parto (NP y sala de parto (S en el tamaño de la camada nacida viva (TCNV, el número de lechones nacidos muertos por camada (LNM, e l tamaño de la camada al nacimiento (TCN y al destete (TCD, los pesos de la camada al nacimiento (PCN y al destete (PCD, el consumo diario de alimento de la cerda (CDA y las pérdidas de peso (PPL y grasa dorsal (PGD de la cerda en la lactancia. Además de los efectos fijos LG, NP y S, el modelo incluyó las covariables TCN para PCN y TCD para PCD. Se encontraron diferencias ( P< 0.0026 entre LG para TCN, TCNV, LNM y CDA. El NP sólo fue significativo ( P <0.0001 para CDA, S sólo lo fue ( P< 0.0380 para LNM. Las cerdas de tres o más partos tuvieron mayor CDA (4.5 ± 0.2 kg que las de primero o segundo partos (3.4 ± 0.2 kg. Se requiere reforzar la atención al parto y dura nte la lactancia para reducir la muerte de lechones al parto y en la lactancia; así como evitar que la cerda pierda d emasiado peso y grasa dorsal con el fin de reducir el deterioro del comportamiento productivo y reproductivo postd estete.

  1. Indução do trabalho de parto em primíparas com gestação de baixo risco

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Karen Gomes

    2010-06-01

    Full Text Available A indução do parto objetiva promover o nascimento antecipado por parto vaginal quando sua continuidade promove maior risco materno-fetal que sua interrupção. Este estudo tem como objetivo identificar fatores relacionados à indicação de indução do trabalho de parto em primíparas e seu desfecho em uma maternidade-escola. Trata-se de um estudo descritivo retrospectivo, realizado na MATER – Maternidade do Complexo Aeroporto em Ribeirão Preto-SP. O estudo incluiu 119 primigestas com registro em prontuário de indicação e submetidas à indução do trabalho de parto que deram a luz nessa maternidade de janeiro a junho de 2007. A indicação mais frequente de indução do trabalho de parto foram acorioamniorrexe prematura (58,8%, oligoâmnio (21% e pós-datismo (16,8%. O misoprostol foi o fármaco mais indicado,37% isoladamente e 61,3% associado à ocitocina. A via de parto foi 63% vaginal. O sofrimento fetal agudo foi a principal indicação para cesárea (38,5%. A infecção materno-fetal foi a complicação identificada com índice de apenas 7,6%. Dos recém-nascidos, 68% obteve Apgar entre 8 e 10 no primeiro minuto de vida e 118 deles alcançaram esses índices no quintominuto. Os resultados confirmam a tendência de que esse procedimento é uma importante estratégia para reduzir os índices de cesárea.

  2. Efecto de las consecuencias diferenciales e intervalo de retención en la recuperación de información en niños

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Berenice Chávez

    2007-07-01

    Full Text Available Se examinó el efecto del intervalo de retención y del procedimiento de consecuencias diferenciales (PCD en la recuperación de la información en una tarea de discriminación inversa en niños, en tres experimentos. El primer experimento estudió el efecto de un intervalo de retención de 48 h en una tarea de igualación a la muestra que involucró el aprendizaje de relaciones de formas coloreadas a través de una fase de adquisición, una fase de inversión, y después de diferentes demoras, una fase final de prueba. El segundo experimento estudió el efecto del PCD en las dos fases de una discriminación inversa. En el tercer experimento se exploró el efecto de un intervalo de retención de 48h y el PCD en la recuperación espontánea de la discriminación original. Los resultados del experimento 1 demostraron la recuperación espontánea de la discriminación original cuando se presentó un intervalo de retención de 48 h. El experimento 2 demostró que el PCD no tiene efectos en las dos fases de una tarea de discriminación inversa. En el experimento 3 se observó una interacción entre el intervalo de retención y el PCD, en la que el PCD (grupo CD1-48h puede mejorar la recuperación de la respuesta de la primera fase (i. e. aumento de la recuperación espontánea mientras el PCD en la fase 2 (grupo CD2-48h mejoró la persistencia de la fase de inversión (i. e. disminución de la recuperación espontánea. Se sugiere que la presencia del PCD genera expectativas condicionadas acerca del reforzador que pueden funcionar como señal contextual que interactúan con el intervalo de retención para modular la recuperación de la información demorada.

  3. Influência do tipo de parto na hematologia do cordão umbilical de cães

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Godoy Aline Vieira

    2005-01-01

    Full Text Available O sangue do cordão umbilical humano tem sido crescentemente utilizado como fonte de células-tronco. Os modelos experimentais de células-tronco da medula óssea, em cães, têm propiciado informações importantes para transplantes medulares em humanos. Vários trabalhos citam a influência do tipo de parto nas características do sangue do cordão umbilical (SCU humano. Entretanto, não existem relatos sobre a colheita do sangue do cordão umbilical de cães. O objetivo deste ensaio é avaliar a influência do tipo de parto na hematologia do cordão umbilical de cães. No presente protocolo experimental, foram estudados 54 fetos de cães, ao final da vida intra-uterina, provenientes de parto normal (n=24 e cesariana (n=30. A colheita de sangue do cordão umbilical foi realizada com seringa de cinco mL contendo solução anticoagulante EDTA (1mg/1mL sangue. Em seguida, a contagem global de hemácias, leucócitos, plaquetas, a determinação da concentração de hemoglobina, taxa de hematócrito, os índices eritrocitários foram realizados no contador automático de células. A contagem diferencial de leucócitos foi determinada em esfregaços de SCU corados com May-Grunwald-Giemsa (MGG. Com relação ao eritrograma e ao plaquetograma, não houve diferença significativa entre as amostras obtidas em cesarianas e partos normais. Os valores do leucograma do SCU colhido em partos normais foram superiores àqueles obtidos em cesarianas (P<0,05. Portanto, o tipo de parto influencia os valores hematológicos do cordão umbilical de cães.

  4. Entre a figura e o abstrato: instâncias do pensamento

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eduardo Augusto Alves Almeida

    2015-03-01

    Full Text Available Por meio de texto e pintura, este artigo visa discutir a possibilidade de habitar certo intervalo entre polos extremistas, e, a partir da estética, rever paradigmas dos pensamentos moderno e contemporâneo.

  5. INCONTINÊNCIA URINÁRIA AUTORREFERIDA NO PÓS-PARTO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniela Biguetti Martins Lopes

    2010-01-01

    Full Text Available Se trata de un estudio epidemiológico, transversal, que entrevistó a 288 mujeres con hasta seis meses del parto, que son frecuentadoras de un servicio de salud del municipio de Sao Paulo. Tuvo como objetivo caracterizar la ocurrencia de incontinencia urinaria automanifestada por las mujeres en el período de posparto. Los resultados mostraron que entre las 71 mujeres con incontinencia automanifestada, 20 (28% informó que la pérdida involuntaria de orina interfiere con su vida cotidiana; 38 (53.5% eran primiparas; 277 no estaban orientadas a la preparación del perineo durante el embarazo o en el posparto. Se encontró que las mujeres después del parto no informan al profesional de la salud sobre la aparición de la incontinencia urinaria, y las que lo hacen no reciben tratamiento. El embarazo y el posparto son momentos importantes para la prevención de la morbilidad.

  6. Nível de ruído em sala de parto

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernanda Lima de Campos Oliveira

    2011-01-01

    Full Text Available El presente estudio tuvo por objetivo identificar los niveles de presión acústica en salas de parto y las fuentes que producen ruido. Se trata de un estudio cuantitativo, descriptivo, exploratorio. La recolección de los datos se hizo de octubre de 2008 a julio de 2009. Se utilizó un decibelímetro para registrar los niveles de presión acústica y la observación no estructurada para identificar las fuentes generadoras de ruido. Se realizaron 2928 minutos de registros de ruido y observación. Los valores de niveles de presión acústica equivalentes (Leq, fueron calculados por el software Quest Suit. Se identificó Leq promedio de 69,6 dBA (± 3,69 en partos normales y 65,4 dBA (± 2,28 en cesáreas. El diálogo entre los profesionales fue la fuente más frecuente de ruido. Los niveles de presión sonora registrados son superiores a los recomendados por organismos especializados, y la principal fuente de ruido se relaciona con la conducta de los profesionales. Es necesario implementar programas educativos con el fin de minimizar el ruido y mejorar la atención del recién nacido, de su familia y las condiciones de trabajo.

  7. Crioterapia no pos-parto: tempo de aplicacao e mudancas na temperatura perineal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriana Amorim Francisco

    2013-06-01

    Full Text Available Estudo descritivo com dados de dois ensaios clínicos realizados em 2008 e 2009 em uma maternidade de uma instituição filantrópica da cidade de São Paulo. Teve como objetivo descrever a temperatura perineal após a aplicação de bolsa de gelo no pós-parto normal. Três grupos com 38 puérperas cada (n=114 receberam aplicação perineal de bolsa de gelo entre 2 e 48h após o parto. Os achados indicaram que com 10 min de crioterapia as médias da temperatura perineal atingiram de 13,3 a 15,3oC, com pequena redução de temperatura ao final de aplicações de 15 e 20 minutos (2,4 e 2,7o, respectivamente. Após resfriamento por 10 min., as mulheres referiram frio e alívio e, depois de 15 a 20 min., dormência e anestesia local. Conclui-se que 10 minutos de aplicação foram suficientes para reduzir a temperatura perineal aos níveis recomendados para analgesia (10-15oC.

  8. Autonomía, heteronomía y vulnerabilidad en el proceso de parto

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Goberna Tricas, Josefina

    2012-04-01

    Full Text Available Resumen: Objetivo principal: Indagar en los principios éticos de autonomía y vulnerabilidad en la atención al partoMetodología: Reflexión ético-filosófica.Resultados principales: El parto es un proceso en que las vivencias corporales deben objetivrse en el “Yo materno”. Una transición harmoniosa entre las fases “corporales” de las contracciones y las fases de objetivación de las sensaciones, que se produce en los periodos intercontráctiles permiten una vivencia en que la mujer mantiene el control de la situación. Cuando esta transición no tiene lugar de forma adecuada la mujer se siente frágil y es vulnerable.Conclusión principal: El parto es por definición una situación vulnerable en la que los profesionales deben ejercer el cuidado. Siempre existen aspectos unidos a la corporalidad del proceso que no podrán anticiparse en la elaboración del plan de parto, por ello en el proceso asistencial y en la actuación profesional a la competencia técnica es fundamental añadir las habilidades humanas de cuidado, compasión y acompañamiento.Abstract: Main objective: To investigate about the ethical principles of autonomy and vulnerability in the childbirth care. Methodology: Ethical and philosophical reflection.Main results: Birth is a process in which the corporal experiences must be objectify in the “maternal Me” A harmonious transition between body contractions phases and the phases of objectification of the sensations, which occurs during “intercontractions’ periods”, it allows an experience in which women retain control of the situation. When this transition takes place with difficulty, women feel weak and vulnerable.Main conclusion: Delivery process is a vulnerable situation in which professionals should look after with care. There are aspects linked to the bodily aspect of the process which cannot be anticipated in developing the “Birth plan”, so in the care process’ performance and in the technical

  9. Ciência, natureza e nascimento humano: interfaces com o movimento de humanização do parto

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Aparecida Vasconcelos Moura

    2008-06-01

    Full Text Available A sociedade industrial transformou a compreensão da natureza e do homem. O movimento de humanização do parto e nascimento critica o excessivo controle e intervenção desta fase do ciclo vital humano, sendo este o ponto principal de embate com a tecnociência. Este artigo busca refletir as inter-relações entre as concepções de natureza e nascimento humano decorrentes do pensamento científico na contemporaneidade e o ideário da humanização do parto e nascimento. Consideramos que o controle e artificialização da natureza interna e externa ao homem estão alicerçados sob uma racionalidade instrumental. Este processo se deu no corpo, principalmente da mulher. O movimento de humanização do parto e nascimento pode contribuir com uma reflexão ontológica da dimensão humana nas ciências da saúde, possibilitando ampliar o debate sobre a racionalidade estruturante das práticas em saúde.

  10. Remoções maternas da Casa do Parto de Sapopemba para hospital de referência

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Isabel Cristina Bonadio

    2011-12-01

    Full Text Available Estudo descritivo com objetivo de caracterizar as remoções maternas da Casa do Parto de Sapopemba, em São Paulo, para hospitais de referência, entre setembro de 1998 e julho de 2008. A população do estudo compôs-se de 229 casos. Os dados foram obtidos dos prontuários e dos livros de registro de remoções. Foi realizada análise descritiva. A taxa de remoção materna foi de 5,8% (5,5% intraparto e 0,3% pós-parto. A maioria das mulheres removidas para o hospital era nulípara (78,6%. O motivo mais frequente para remoção intraparto foi anormalidade da pélvis materna ou do feto (22,6% e para a remoção pós-parto, anormalidade da dequitação (50%. Destacaram-se a nuliparidade, dilatação cervical na admissão, membranas ovulares rotas e idade gestacional superior a 40 semanas como variáveis importantes para o estudo de fatores de risco para remoção materna.

  11. Protocolo de manejo en pacientes con amenaza de parto prematuro en clínica las condes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    DR. S. Jorge Andrés Robert

    2014-11-01

    Full Text Available El parto prematuro, definido como aquel que ocurre antes de las 37 semanas de gestación, tiene una incidencia entre 7–10% y es la principal causa de morbimortalidad perinatal, excluida las malformaciones congénitas. Clínica Las Condes (CLC, recientemente reacreditada por la Joint Comission International, compromete su misión de otorgar a sus pacientes una atención en salud de la mejor calidad y seguridad. Una forma de cumplir con los objetivos antes mencionados, es protocolizar y estandarizar los modos de proceder frente a distintas patologías médicas y evaluar sus resultados. En consideración a la relevancia que tiene en nuestro medio el parto prematuro y la patología que puede condicionar, se ha implementado un protocolo de manejo en pacientes con amenaza de parto prematuro con énfasis en aspectos generales, exámenes diagnósticos y tratamiento. El objetivo de este artículo es describir dicho protocolo y colocarlo a disposición de la comunidad médica, donde esperamos pueda contribuir en el manejo de esta condición.

  12. PRÁTICAS PREJUDICIAIS AO PARTO: RELATO DOS TRABALHADORES DE SAÚDE DO SUL DO BRASIL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vanessa Franco de Carvalho

    2010-01-01

    Full Text Available Este estudio tiene como objetivo identificar el uso de prácticas clasificadas perjudiciales en el parto normal, en un hospital universitario del sur de Brasil, a partir del relato de los profesionales de salud del local. Investigación de tipo exploratoria-descriptiva, desarrollada a través de entrevistas con 23 profesionales entre julio/2008 y octubre/ 2009. Se realizó un análisis descriptivo de los datos instaurándose correlación con las recomendaciones de la Organización Mundial de Salud y del Ministerio de Salud Pública. Se comprobó que la mayoría de los profesionales emplea prácticas consideradas perjudiciales para el parto, como episiotomía, posición de litotomía, tricotomía y el uso de oxitocina. La única práctica en desuso en la unidad en estudio fue el enteroclisma. Para cambiar esta realidad, es necesario que haya inversión en cursos de perfeccionamiento y en experiencias exitosas de partos naturales.

  13. Medicamentos que podem induzir prolongamento do intervalo QT utilizados por idosos em domicílio

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Josiane Macêdo Martins

    2015-10-01

    Full Text Available O intervalo QT (iQT, parâmetro eletrocardiográfico, é um biomarcador não invasivo da repolarização ventricular. O aumento do iQT é uma alteração que pode ser de considerável importância clínica, pois predispõe a torsade de pointes e morte cardíaca súbita. O objetivo do presente trabalho é identificar os medicamentos utilizados em domicílio por idosos, que podem induzir o prolongamento do iQT. Trata-se de um estudo quantitativo descritivo exploratório e retrospectivo, realizado em um hospital público de ensino. Foram incluídos 190 idosos com informação sobre uso domiciliar de medicamentos registrada em prontuário. A mediana da idade foi de 69,5 anos, sendo 99 (52,1% mulheres. O número de medicamentos utilizados por paciente em domicílio apresentou mediana de 4,0. Foram identificados 159 fármacos, sendo que 23 (14,5% apresentavam capacidade de induzir prolongamento do iQT. Entre os idosos, 39 (20,5% usavam estes fármacos, sendo os mais prevalentes a amiodarona, amitriptilina, nortriptilina, citalopram e fluoxetina. A hipertensão arterial foi o fator de risco mais frequente dentre aqueles que predispõem a prolongamento do iQT. As utilizações de medicamentos que induzem prolongamento do iQT e a presença de fatores de risco predisponentes mostram que os idosos estão expostos ao risco de desenvolvimento de torsade de pointes. A identificação dos fármacos que induzem prolongamento do iQT, das interações medicamentosas e das condições clínicas que predispõem a esse prolongamento são importantes para garantia da segurança da farmacoterapia de idosos e para evitar eventos adversos graves.Palavras-chave: Prolongamento do intervalo QT. Medicamentos. Idosos. Torsades de pointes. ABSTRACT The QT interval (QTi, an electrocardiographic parameter, is a noninvasive biomarker of ventricular repolarization. Increased QTi is a change that may have clinical importance because predisposes to torsade de pointes and sudden

  14. Cuidado e conforto durante o trabalho de parto e parto: na busca pela opinião das mulheres

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Telma Elisa Carraro

    2006-01-01

    Full Text Available La obstetricia moderna considera el parto un evento médico-quirúrgico y adopta un modelo de asistencia técnica. Se esperaba que estos avances tecnológicos ayudasen el trabajo de los cuidadores, proporcionando condiciones y tiempo para ser y estar junto al ser humano. Sin embargo, el adelanto tecnológico y científico muestra una enorme fragilidad en relación al cuidado. En el presente estudio, se realizó una investigación cualitativa y cuantitativa, descriptiva prospectiva, que evaluó la opinión de las mujeres puérperas sobre los métodos utilizados para su cuidado y consuelo durante el trabajo de parto y en el parto. Este trabajo es un recorte de los datos cualitativos, enfocando los sentimientos de las mujeres puérperas durante esta vivencia. Con los resultados obtenidos deseamos contribuir en la adaptación de los métodos de cuidado y consuelo, proporcionando un trabajo de parto humanizado, desencadenando en la parturienta su confianza en sí misma y en el equipo, facilitando e incentivando el parto normal, el ejercicio saludable de su sexualidad y también la prevención de la muerte materna.

  15. Partos domiciliares acidentais na região sul do Município de São Paulo Accidental home deliveries in southern São Paulo, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Márcia Furquim de Almeida

    2005-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Identificar a freqüência, o risco de mortalidade fetal e neonatal precoce e os determinantes do parto domiciliar acidental. MÉTODOS: Estudo caso-controle de base populacional sobre mortes fetais e neonatais precoces realizado na região sul do Município de São Paulo. Foram coletados dados em entrevistas domiciliares e de prontuários hospitalares. Os motivos referidos pelas mães para a ocorrência de partos domiciliares foram obtidos nas entrevistas. Os fatores de risco para o parto domiciliar foram obtidos comparando-se com os partos hospitalares. Os dados foram analisados separadamente para perdas fetais, óbitos neonatais e sobreviventes. Foram utilizadas odds ratio, intervalo de confiança de 95% e o teste exato de Fisher para avaliar os fatores de risco e estimar o risco de morte. RESULTADOS: A freqüência de partos domiciliares de 0,2% no Sistema de Informações de Nascidos Vivos está sub-notificada. Quando ajustada, passa a ser de 0,4%, compatível com a encontrada em algumas cidades da Europa. Todos os partos domiciliares identificados foram acidentais. O parto domiciliar acidental está associado ao aumento da mortalidade fetal e neonatal precoce. Características sociais das mães e da gestação estão associadas à ocorrência de partos domiciliares acidentais, e não são sempre as mesmas para os três tipos de desfecho (óbito fetal, óbito neo-natal precoce e sobreviventes. A falta de transporte para o hospital foi indicada como motivo para os partos domiciliares por 30% das mães. Falhas do sistema de saúde em reconhecer a iminência do parto e a não disponibilidade de atendimento de urgência contribuíram para a ocorrência de alguns partos domiciliares. CONCLUSÕES: Apesar de serem eventos raros, pelo menos em área urbana, os partos domiciliares acidentais devem merecer atenção específica, já que acarretam aumento do risco de morte e parecem ser evitáveis.OBJECTIVE: To identify the frequency, risks

  16. Fatores maternos e neonatais associados ao mecônio no líquido amniótico em um centro de parto normal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ruth Hitomi Osava

    2012-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar a frequência e os fatores maternos e neonatais associados ao mecônio no líquido amniótico no parto. MÉTODOS: Estudo transversal com 2.441 nascimentos em um centro de parto normal hospitalar em São Paulo, SP, em março e abril de 2005. A associação entre mecônio no líquido amniótico e as variáveis independentes (idade materna, paridade, ter ou não cesariana prévia, idade gestacional, antecedentes obstétricos, uso de ocitocina no trabalho de parto, dilatação cervical na admissão, tipo do parto atual, peso do RN, índice de Apgar de 1º e 5º minutos de vida foi expressa como razão de prevalência. RESULTADOS: Verificou-se mecônio no líquido amniótico em 11,9% dos partos; 68,2% desses foram normais e 38,8%, cesarianas. O mecônio esteve associado a: primiparidade (RP = 1,49; IC95% 1,29;1,73, idade gestacional ≥ 41 semanas (RP = 5,05; IC95% 1,93;13,25, ocitocina no parto (RP = 1,83, IC95% 1,60;2,10, cesariana (RP = 2,65; IC95% 2,17;3,24 e índice de Apgar < 7 no 5º minuto (RP = 2,96, IC95% 2,94;2,99. A mortalidade neonatal foi 1,6/1.000 nascidos vivos; mecônio no líquido amniótico foi encontrado em 50% das mortes neonatais e associado a maiores taxas de partos cirúrgicos. CONCLUSÕES: Emprego de ocitocina, piores condições do recém-nascido logo após o parto e aumento de taxas de cesariana foram fatores associados ao mecônio. A utilização rotineira de ocitocina no intraparto poderia ser revista por sua associação com mecônio no líquido amniótico.

  17. Intervalos de referencia para concentraciones séricas de T3 y T4. Estudio preliminar

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cecilia Miranda Pantoja

    2013-12-01

    Full Text Available Fundamento: la determinación cuantitativa de las hormonas tiroideas T3 y T4 reviste gran importancia en el diagnóstico y la evaluación del hipertiroidismo, en especial del hipertiroidismo aislado causado por T3.Objetivo: establecer los intervalos de referencia de T3 y T4 en el laboratorio de medicina nuclear del Hospital General Universitario Dr. Gustavo Aldereguía Lima de Cienfuegos. Métodos: estudio descriptivo y prospectivo realizado mediante el método de radioinmunoanálisis, competencia que se establece entre la T3 y T4 sin marcar, y la marcada por un número limitado de los sitios de unión del anticuerpo específico. Al hacer reaccionar una cantidad fija de trazador y anticuerpo con diferentes cantidades del ligando sin marcar, la cantidad de trazador unido por el anticuerpo será inversamente proporcional a la concentración del ligando sin marcar. Resultados: los valores obtenidos se describen según una distribución gaussiana (media aritmética = 117, desviación estándar =31 para T4; media aritmética = 2,64, desviación estándar = 0,64 para T3, comprobado mediante un test de Chi cuadrado. Los rangos de valores normales obtenidos fueron de de 55 – 178 nmol/L y 1,4 – 3,9 nmol/L para T4 y T3 respectivamente. Conclusiones: los intervalos de referencia obtenidos resultaron más amplios que los propuestos por el productor, sobre todo en el caso de T4.

  18. Alternativas analgésicas al dolor de parto

    OpenAIRE

    Fernández Medina, Isabel María

    2014-01-01

    Introducción: Actualmente se ha observado un mayor interés por parte de las madres y su entorno, por la aplicación de otros métodos analgésicos no invasivos. Por lo tanto, es un tema de gran importancia para los profesionales de la salud relacionados con la atención al parto, los cuales deben desarrollar las habilidades necesarias para ayudar a aquellas mujeres que optan por un parto promovido por la aplicación alternativa de medidas analgésicas. Objetivos: Se pretende evaluar la efectivid...

  19. Dispareunia en mujeres después del parto: estudio de casos y controles en un hospital de Acapulco, México Women’s dyspareunia after childbirth: a case study in a hospital in Acapulco, Mexico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elvia Solana-Arellano

    2008-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Identificar los factores asociados con la dispareunia entre 60 y 180 días después del parto en mujeres con antecedentes de uno o dos partos. MÉTODOS: Estudio de casos y controles, pareados por la edad y la paridad en 304 mujeres que acudieron al servicio de planificación familiar de un hospital de Acapulco, Guerrero, México, entre los 60 y 180 días después del parto. Se aplicó un cuestionario con preguntas sobre su situación socioeconómica (edad, escolaridad propia y de su pareja, estado civil, situación laboral, de seguridad social y de tenencia de su casa y sus antecedentes obstétricos (características del parto, paridad, lugar de atención, desgarros, episiotomía y complicaciones y ginecológicos (sensación de estrechez del introito, presencia de cicatriz queloide de la episiorrafia, síntomas de vaginitis, resequedad vaginal, métodos anticonceptivos empleados y tipo y duración de la lactancia. Se consideraron como casos a las mujeres que refirieron dolor, ardor o sangrado al tener relaciones sexuales con penetración vaginal después del parto. Se aplicó un modelo de regresión logística no condicionada y se calcularon las razones de posibilidades (odds ratios, OR y los intervalos de confianza de 95% (IC95%. RESULTADOS: De 368 mujeres que habían reiniciado relaciones sexuales, 152 (41,3% refirieron dispareunia. Los factores asociados con dispareunia fueron haber tenido infección con o sin dehiscencia de la episiorrafia (OR = 34,09; IC95%: 10,59 a 109,78, presentar síntomas de vaginitis (OR = 7,43; IC95%: 3,68 a 14,99, tener sensación de estrechez del introito vaginal (OR = 6,38; IC95%: 2,92 a 13,94 y practicar la lactancia exclusiva (OR = 4,86; IC95%: 2,44 a 9,69. CONCLUSIONES: La dispareunia estuvo relacionada con las complicaciones de la episiotomía y sus posibles secuelas, como la infección, la dehiscencia de la episiorrafia y la estrechez del introito vaginal. Se debe realizar una mejor vigilancia de la

  20. El feto agresivo. Parto, formación de la persona y mito-historia en los Andes

    OpenAIRE

    Platt, Tristan

    2001-01-01

    Partiendo de un estudio etnográfico y lingüístico sobre la mortalidad materna en Bolivia, este trabajo etno-obstétrico trata de la concepción, la gestación y el parto en una comunidad quechua-hablante de Potosí. Analiza el paralelismo planteado entre la formación temprana de la persona y los orígenes mito-históricos de la sociedad. La sustancia pagana pre-hispánica fluye constantemente hacia una sociedad de conversos, dando realidad al concepto jurídico de “indio originario”. Se propone super...

  1. A utilização da progesterona natural micronizada em gestações gemelares na prevenção do trabalho de parto prematuro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliana Barroso Zimmermmann

    2015-10-01

    Full Text Available Com o objetivo de determinar a eficácia da progesterona natural micronizada em gestações gemelares para a profilaxia do trabalho de parto prematuro, foi avaliada uma coorte histórica de 43 mulheres com gestações gemelares. As gestantes foram divididas em dois grupos: usuárias da progesterona (Grupo 1 e não usuárias da progesterona (Grupo 2 O medicamento foi administrado na dosagem de 200 mcg por via vaginal, a partir de 20 semanas de gestação. Das 43 gestações estudadas, 20 foram tratadas com a progesterona. Não houve associação entre uso da progesterona e época do parto, de forma que o uso da progesterona natural micronizada não impediu o parto prematuro (p = 0,87. Portanto, a progesterona natural micronizada não reduziu a frequência do trabalho de parto prematuro em gestações gemelares.

  2. Atenção humanizada ao parto de adolescentes: análise das práticas desenvolvidas em um centro obstétrico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Josefine Busanello

    2011-10-01

    Full Text Available Estudo quantitativo que objetivou analisar as práticas desenvolvidas na assistência à adolescente, a partir do relato dos trabalhadores de um Centro Obstétrico de um Hospital Universitário, com base na proposta de humanização do parto do Ministério da Saúde. Segundo os trabalhadores, estão sendo desenvolvidas práticas úteis na assistência ao parto, dentre as quais as orientações sobre formas de relaxamento no trabalho de parto, o incentivo ao vínculo entre mãe e filho e a amamentação. Porém, o direito ao acompanhante não vem sendo considerado. A posição de litotomia e a padronização da tricotomia, episiotomia e amniotomia foram constatadas. Os registros dos prontuários, dentre eles o partograma, a anamnese, e o exame físico e obstétrico da parturiente mostraram-se insatisfatórios. Conclui-se que, no cenário investigado, são desenvolvidas práticas consideradas adequadas e inadequadas, mostrando a necessidade de incentivar a utilização de procedimentos embasados em evidência científica e inseridos na proposta de humanização do parto.

  3. Participação do acompanhante na humanização do parto e sua relação com a equipe de saúde

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristiane Silva Mendonça Longo

    2010-06-01

    Full Text Available A humanização é entendida como responsabilização mútua entre serviços de saúde e a comunidade e consiste em acolhimento e resolutividade. O objetivo deste artigo foi refletir sobre a participação do acompanhante na humanização do parto e nascimento e sobre a sua interface com a equipe de saúde. Reflexão baseada na experiência dos pesquisadores e na literatura atualizada. Organizou-se o texto com abordagem nas temáticas: a participação do acompanhante na humanização do parto e nascimento e o acompanhante no processo de parturição e sua interface com a equipe de saúde. O atendimento humanizado é importante para que o parto seja uma experiência satisfatória e segura para a mulher e seu filho. Entre asmedidas do parto humanizado destaca-se o direito da mulher decidir pelo parto natural e de ser acompanhada durante o processo de parturição. A relação entre o acompanhante e a equipe de saúde é complexa, dada a limitação de sua participação no contexto do parto. Trata-se de processo em construção, envolvendo aspectos físico-ambientais das instituições de saúde, qualificação dos profissionais de saúde e da própria cultura das usuárias, que mantém muito arraigada a atitude submissa diante de seus direitos como cidadãs.

  4. Música para matar o tempo intervalo, suspensão e imersão

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rose Satiko Gitirana Hikiji

    2006-04-01

    Full Text Available Discuto neste artigo algumas relações da música com o tempo, em especial a relação entre as temporalidades dos grupos de crianças e jovens que pesquisei e certas propriedades do tempo da prática musical. Na pesquisa com alunos de um projeto governamental de ensino musical (Projeto Guri/ São Paulo, ouvi como principal justificativa para a procura pela música, a necessidade de "matar o tempo". Na perspectiva do senso comum, o tempo "ocioso" é um tempo perigoso. Para pais e proponentes, é preciso "ocupar o tempo" das crianças e jovens, é preciso "tirá-los da rua". Analiso aqui o processo de atribuição de valor negativo ao tempo livre e a especificidade do tempo do fazer musical. Aproximo o tempo musical do tempo do jogo, caracterizado pela imersão e pela suspensão do cotidiano. Analiso, finalmente, como o tempo para a música, inicialmente um intervalo, transborda para o resto da vida cotidiana, determinando ritmos, preenchendo vazios, construindo sentidos.This article discusses some of the relations between music and time, in particular the temporalities of groups of children and youths I have researched, and certain properties of music making time. In my research with students from a government musical education project (Guri Project/ São Paulo, the main reason given for studying music was their need to ‘kill time.’ From a common sense point of view, ‘idle’ time is dangerous time. Parents and project organizers stress the need ‘to occupy the time’ of children and youths, ‘to take them off of the streets.’ Here I analyze the negative evaluation of free time and the specificity of music making time. Musical time is compared with play time, characterized by an immersion in the activity and by the suspension of daily life. Finally, I ask how the time for music, initially an interval, overflows into the rest of the daily life, determining rhythms, filling empty spaces and building meanings.

  5. Assistência prestada à adolescente no momento do parto em uma maternidade de alto risco

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Márcia Juliana Mello da Silva

    2015-03-01

    Full Text Available Objetivo: Analisar as práticas obstétricas realizadas em adolescentes parturientes atendidas em uma maternidade de alto risco. Métodos: Estudo observacional, de corte transversal, documental e descritivo, realizado com busca em 157 prontuários de parturientes adolescentes atendidas em maternidade de alto risco em Maceió-AL, no período de janeiro a junho/2013. Avaliaram-se variáveis socioeconômicas, práticas obstétricas e clínica, sendo os resultados apresentados em frequência simples. Resultados: Entre as parturientes, a idade variou de 14 a 19 anos, e 96 (61,1% viviam em união estável. Com relação aos dados obstétricos, 125 (79,6% eram primigestas e 73 realizaram de 4 a 6 consultas de pré-natal. Em 107 (68,1% prontuários o partograma não foi encontrado. Entre os partos realizados, em 75 (47,8% os profissionais não realizaram episiotomia, em 110 (70,1% foram realizadas manobras ativas do 3º estágio e 146 (86,6% adolescentes não tiveram complicações clínicas no parto. Conclusão: Evidenciou-se que algumas práticas obstétricas preconizadas pelo Ministério da Saúde estão sendo realizadas com as parturientes adolescentes, mas não são suficientes para uma assistência de qualidade.

  6. Evidências sobre o suporte durante o trabalho de parto/parto: uma revisão da literatura Evidence on support during labor and delivery: a literature review

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Odaléa Maria Brüggemann

    2005-10-01

    Full Text Available Os efeitos do suporte à mulher durante o trabalho de parto/parto por profissionais de saúde, mulheres leigas e doulas, sobre os resultados maternos e neonatais têm sido avaliados em vários ensaios clínicos randomizados, metanálises e revisões sistemáticas. Este artigo apresenta a revisão desses estudos, enfocando as principais características, o provedor de suporte, a simultaneidade na presença ou não do companheiro/familiares da parturiente durante o trabalho de parto e parto, e os resultados obtidos. Foram incluídos os estudos publicados entre os anos de 1980 e 2004, que contemplam explicitamente os aspectos avaliados. De maneira geral, os resultados do suporte são favoráveis, destacando-se redução da taxa de cesarianas, da analgesia/medicamentos para alívio da dor, da duração do trabalho de parto, da utilização de ocitocina e produzindo aumento na satisfação materna com a experiência vivida. Quando o provedor de suporte não é um profissional de saúde, os benefícios têm sido mais acentuados. Os estudos disponíveis não avaliam o acompanhante escolhido pela parturiente como um provedor de suporte, o que constitui lacuna de conhecimento a ser preenchida.The effects of support for women during labor and delivery provided by health professionals, lay women, and doulas on the maternal and neonatal outcomes have been evaluated through randomized clinical trials, meta-analyses, and systematic reviews. This article presents a review of these studies, focusing on the principal characteristics, support provider, simultaneous presence of the woman's spouse and/or family members during labor and delivery and the outcomes. The analysis included studies published from 1980 to 2004 which explicitly approached these aspects. In general, the results of such support were favorable, highlighting a reduction in the cesarean rate, analgesia/ medication for pain relief, duration of labor, and utilization of oxytocin and an increase in

  7. Influência do tipo de parto no resultado do tratamento fisioterapêutico na incontinência urinária = Influence of the type of delivery on the outcome of urinary incontinence physical therapy treatment

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Knorst, Mara Regina

    2012-01-01

    Full Text Available Objetivos: Analisar a influência do tipo de parto na força muscular do assoalho pélvico (FMAP de mulheres com incontinência urinária (IU, antes e depois de intervenção fisioterapêutica e determinar a relação entre os tipos de IU e tipos de parto. Materiais e Métodos: Neste ensaio clínico, de braço único e não controlado foram incluídas 46 mulheres (35 a 78 anos com diagnóstico médico de IU (de esforço – IUE, de urgência – IUU ou mista – IUM, que não realizaram cirurgia ginecológica. As voluntárias foram avaliadas e submetidas a tratamento conservador, constituído de exercícios perineais e eletroestimulação transvaginal. Resultados: A média de idade foi de 53,6±10,5 anos. Metade das voluntárias apresentou IUM, 39,1% apresentaram IUE e 10,9% IUU. Após o tratamento, as mulheres que realizaram parto normal apresentaram aumento significativo da FMAP, tanto mensurada pelo perineômetro (p=0,031; teste t student para amostras pareadas, quanto pelo teste bidigital (p=0,05; teste de Wilcoxon, enquanto que as mulheres que realizaram parto cesárea ou os dois tipos de parto não apresentaram ganho significativo. A relação entre os tipos de parto e tipos de IU não apresentou diferença significativa. Mais de 80% das mulheres que realizaram parto normal ou cesárea se mostraram continentes ou satisfeitas após o tratamento. Conclusão: As voluntárias que realizaram parto normal apresentaram o maior ganho da FMAP. Não obstante, os tipos de partos não influenciaram os resultados da intervenção fisioterapêutica relativos à continência urinária, uma vez que a maioria das mulheres tratadas relatou estar continente ou satisfeita com o tratamento

  8. COMPARACION DE 13 INTERVALOS DE CONFIANZA PARA LOS PARAMETROS DE LA DISTRIBUCION MULTINOMIAL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Difariney González-Gómez

    2015-07-01

    Full Text Available La distribución multinomial es fundamental para la descripción de fenómenos en los que pueden ocurrir k > 2 eventos excluyentes, cada uno con probabilidad π = (π1, π2, . . . , πk. Algunos ejemplos de esta distribución incluyen la calidad de un producto o encuestas de selección múltiple. Un problema de gran interés en inferencia estadística es la construcción de intervalos de confianza los parámetros para π. En este trabajo se comparan, a través de un estudio de simulación, 13 metodologías para la construcción de intervalos de confianza para dicha distribución. Utilizando como criterios de comparación el nivel de confianza nominal, la longitud del intervalo y una combinación de estos, se encuentra que los intervalos de confianza basados en el Teorema del Límite Central no presentan el mejor desempeño. Finalmente se recomiendan los métodos basados en la distribución F (Leemis, 1996, seguido del método de verosimilitud relativa (Kalbfleish, 1985 y Quesenberry & Hurst (1964.

  9. Avaliação da medida do comprimento do colo e da ausência do eco glandular endocervical para predição do parto pré-termo Evaluation of risk for preterm delivery by measurement of uterine cervix and cervical gland area

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Claudio Rodrigues Pires

    2004-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: verificar a prevalência do sinal eco glandular endocervical (EGE e o comprimento cervical menor ou igual a 20 mm em gestantes entre a 21ª e a 24ª semana e comparar estes sinais ecográficos como fatores indicadores de parto pré-termo espontâneo. MÉTODOS: estudo prospectivo transversal no qual foram incluídas 361 gestantes da população geral, para realização de exame ultra-sonografico em idade gestacional entre a 21ª a 24ª semana. Os critérios de exclusão do estudo foram malformações müllerianas, gestações múltiplas, malformações fetais, óbito fetal, alterações da quantidade de líquido amniótico, placenta com inserção segmentar, antecedentes de cirurgia no colo uterino (conização, amputação, cerclagem e procedimentos cirúrgicos durante a gestação. Após a realização do exame ultra-sonográfico obstétrico morfológico efetuado por via abdominal, seguiu-se o exame ecográfico por via vaginal para observação de uma faixa hipoecóica ou hiperecóica adjacente ao canal endocervical correpondente às glândulas do epitélio endocervical (EGE e mensuração do comprimento cervical. As variáveis qualitativas são representadas por freqüência absoluta e relativa, ao passo que as variáveis quantitativas, por média, desvio-padrão, mediana e valores mínimo e máximo. A associação entre as variáveis qualitativas foi avaliada pelo teste c² ou teste exato de Fisher. Para cada variável estudada, foi calculado o risco relativo seguido do intervalo com 95% de confiança. A técnica de análise de regressão logística univariada foi utilizada para verificar, entre as variáveis estudadas, quais foram indicativas de parto pré-termo espontâneo. O nível de significância adotado foi de 95% (alfa = 5% e descritivos (p iguais ou inferiores a 0,05 foram considerados significantes. RESULTADOS: a incidência do parto pré-termo espontâneo foi de 5,0%. O comprimento do colo uterino revelou-se igual ou

  10. Parto domiciliar planejado: resultados maternos e neonatais Parto domiciliario planificado: resultados maternos y neonatales Planned homebirth: maternal and neonatal outcomes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Priscila Maria Colacioppo

    2010-12-01

    Full Text Available A hospitalização de todas as parturientes, em nome da segurança e bem-estar da mãe e bebê, introduziu uma assistência mecânica, impessoal e intervencionista no parto, fazendo ressurgir o parto em domicílio. A bibliografia a respeito é escassa, justificando-se a produção de dados sobre partos domiciliares. O objetivo foi descrever o processo e os resultados maternos e neonatais em partos domiciliares planejados. Foram coletados dados de 70 partos assistidos por enfermeiras obstétricas, em São Paulo, Brasil. Os resultados indicaram que 61,4% das mulheres tinham 30 anos ou mais; 71,4% possuíam ensino superior; 97,1% viviam com companheiro; 64,3% exerciam atividade remunerada; 54,3% eram nulíparas; a taxa de remoção materna para o hospital foi de 5,7% por indicação obstétrica e 14,3% a pedido; 92,9% foram partos normais; 63,6% escolheram posições verticais e 57,5% tiveram períneo íntegro ou laceração de primeiro grau; todos os recém-nascidos apresentaram Apgar =7 no 5º minuto e um bebê foi removido para o hospital com seis horas de vida, devido a arritmia cardíaca. O uso criterioso de intervenções obstétricas e neonatais no parto domiciliar e a produção de evidências científicas sobre sua segurança podem contribuir para a transformação do atual modelo de assistência ao parto no Brasil.La hospitalización de todas las parturientas, en el nombre de la seguridad y el bienestar de madre y bebé, introdujo una asistencia mecánica, impersonal e intervencionista en el parto, haciendo resurgir el parto domiciliario. La literatura sobre este tema es escasa, justificando la producción de datos sobre los nacimientos en el hogar. El objetivo fue describir el proceso y los resultados maternos y neonatales en partos domiciliarios planificados. Se recogieron datos de 70 partos atendidos por enfermeras obstétricas. Los resultados indicaron: 61,4% de las mujeres tenían edad = 30 años; 71,4% tenían educación superior

  11. Custos diretos do parto envolvidos com a prática obstétrica de enfermagem em Casa de Parto

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabiane Azevedo de Oliveira

    2014-09-01

    Full Text Available Objetivo: Descrever os custos diretos do trabalho de parto e parto envolvidos com a prática obstétrica de cuidado de enfermagem em Casa de Parto. Métodos: Tipo de Estudo: Avaliação econômica em saúde com a perspectiva do Sistema Único de Saúde como órgão gestor. Foram avaliados 161 prontuários das gestantes que realizaram o pré-natal no ano de 2010, excluindo-se desses, as que não pariram na unidade. Resultados: Na análise, foram descritos e valorados os recursos envolvidos nos custos diretos da assistência ao parto. Segundo os resultados, os custos diretos do trabalho de parto/parto foram de R$ 352,50 por gestante. Os recursos humanos computaram os maiores custos. Conclusão: A Casa de Parto apresentou menor custo se comparada ao valor destinado ao parto de baixo risco pelo orçamento municipal.

  12. Delivery assistance in fetal macrosomia Assistência ao parto na macrossomia fetal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renato Augusto Moreira de Sá

    2003-12-01

    Full Text Available OBJECTIVES: to evaluate delivery assistance in fetal macrosomia. METHODS: this was a hospital-based cohort study of consecutive births at a tertiary perinatal center from January 1, 1996 to October 31, 1999. A total of 5261 pregnancies met the inclusion criteria which were singleton pregnancies with minimal birth weight of 1000 g. Fetal macrosomia was defined as birth weight of 4000 g or more. We studied the mode of delivery, the newborn condition at birth, considered low when the Apgar scored below seven in the first or fifth minute, and the presence of abnormalities that could indicate a Caesarian section (disproportion, uterine dysfunction, prolonged second period of birth and fetal distress. RESULTS: 296 (5,6% of the babies were macrosomic. Macrosomia was a risk factor for Caesarian section (RR = 1,59, p OBJETIVOS: avaliar a assistência ao parto na macrossomia fetal. MÉTODOS: Estudo do tipo coorte realizado em centro perinatal terciário no período de 1 de janeiro de 1996 a 31 de outubro de 1999. Foram selecionadas 5261 gestações de acordo com os critérios de inclusão, que foram: gestação única e peso mínimo ao nascimento de 1000 g. A macrossomia fetal foi definida como peso ao nascimento acima de 4000 g. Estudamos a via de parto, as condições ao nascimento, Apgar baixo quando inferior a sete no primeiro e quinto minutos e as anormalidades que serviram de indicação para cesariana (desproporção, distocia uterina, segundo período prolongado e sofrimento fetal. RESULTADOS: 296 (5,6% dos conceptos eram macrossômicos. Macrossomia foi fator de risco para cesariana (RR = 1,59, p <0,001 e para parto operatório vaginal (RR = 1,12 p <0,001. As condições do recém-nascido não foram piores nos fetos macrossômicos. Houve correlação positiva entre macrossomia fetal e desproporção mas não para distocia uterina, prolongamento do segundo período ou sofrimento fetal. CONCLUSÕES: Houve maior número de indicações de cesariana

  13. ESTRATEGIA PARA REDUCIR INTERVALOS DE INCERTIDUMBRE APLICADA EN LOCALIZACIÓN DE FALLAS EN SISTEMAS DE DISTRIBUCIÓN

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    César Augusto Orozco Henao

    2012-01-01

    Full Text Available El método de localización propuesto en este artículo se basa en una estrategia iterativa que determina el valor mínimo de la reactancia de falla, utilizando la técnica de reducción de intervalos de incertidumbre de Fibonacci. Esta técnica mejora el método de localización de fallas debido a que aumenta su precisión, mediante la aplicación de un tamaño de paso variable para determinar el valor absoluto de la reactancia de falla. La estrategia utiliza las mediciones de tensión y corriente en la subestación, por lo tanto, considera las variaciones en los estados de pre-falla y falla. El método se valida en el sistema de prueba IEEE 34 nodos conformado por laterales monofásicos, bifásicos y trifásicos, para todos los tipos de fallas y considerando resistencias de falla entre 0 y 40ohms. Los resultados obtenidos muestran errores de estimación inferiores al 1,8%, lo cual confirma la validez de la propuesta.

  14. Utilidad de una prueba cualitativa para la detección de fibronectina fetal en secreción cervicovaginal como predictor de parto prematuro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    L.R. López-Ocaña

    2015-12-01

    Existen diversos marcadores para la predicción del parto prematuro, a fin de superar las debilidades del examen obstétrico y permitir así un diagnóstico y tratamiento oportuno. Entre estos marcadores se encuentra la determinación de fibronectina fetal en secreciones vaginales, por lo que el objetivo de este estudio fue evaluar la utilidad de la fibronectina fetal como un predictor de parto prematuro en embarazadas, así como establecer la sensibilidad, especificidad y los valores predictivos de la prueba, con el propósito de valorar su uso en embarazadas con factores de riesgo en las unidades de primer nivel de atención.

  15. Fatores associados ao baixo peso ao nascimento entre adolescentes no Sudeste do Brasil Factors associated with low birth weight among adolescents in the Brazil Southeast region

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernanda Garanhani Castro Surita

    2011-10-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Conhecer a prevalência e alguns fatores associados ao baixo peso ao nascer entre gestantes adolescentes. MÉTODOS: Estudo de corte transversal, realizado entre outubro de 1994 a dezembro de 2009, com os partos ocorridos em uma maternidade de Campinas, utilizando informações coletadas em uma Ficha Obstétrica Informatizada. Foram selecionados os casos de partos entre adolescentes e, posteriormente, separados em dois grupos com e sem baixo peso ao nascer. Foram calculados o risco relativo e o intervalo de confiança (IC de 95% para as variáveis independentes (fatores de risco, e calculou-se o teste do Χ2 para comparação dos resultados perinatais. Assumiu-se nível de significância de 5%. RESULTADOS: No período ocorreram 24.000 partos no Centro de Atenção à Saúde da Mulher (CAISM, com 2.404 em 2.357 adolescentes (10,02%, sendo a frequência de baixo peso ao nascer de 15,1%. A gestação neste grupo foi recorrente em 294 (8,2%. A idade menor que 15 anos, anemia, tabagismo e hipertensão não se associaram ao baixo peso ao nascer. O antecedente de aborto e a associação com lúpus eritematoso sistêmico elevaram o risco de baixo peso ao nascer. A necessidade de cesariana e o Apgar menor que sete também foram mais prevalentes entre as adolescentes com baixo peso ao nascer, e 85% das adolescentes realizaram menos de seis consultas durante o pré-natal. CONCLUSÕES: A prevalência de baixo peso ao nascer é maior entre as adolescentes do que na população geral. Também chamou a atenção o grande número de adolescentes com menos de seis consultas durante o pré-natal. O antecedente de aborto e a presença de lúpus eritematoso sistêmico foram fatores de risco para ocorrência de baixo peso ao nascer em gestantes adolescentes.PURPOSES: To determine the rate of low birth weight and some of the risk factors associated with this event among adolescents. METHODS: A cross-sectional study conducted between October 1994 and

  16. Tipo de parto: expectativas das mulheres Tipo de parto: expectativas de las mujeres Childbirth types: women's expectations

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sonia Maria Junqueira Vasconcellos de Oliveira

    2002-10-01

    Full Text Available Estudo descritivo e exploratório, realizado mediante entrevista com 221 puérperas que tiveram parto em maternidades públicas estaduais, localizadas no município de São Paulo. Teve como objetivos: 1. identificar o tipo de parto esperado pelas mulheres, considerando a via vaginal ou cesariana, e sua justificativa; 2. verificar a ocorrência do tipo de parto, segundo as expectativas dessas mulheres; 3. comparar a indicação médica da cesariana com o entendimento das mulheres sobre justificativa dessa intervenção. Os dados revelam que 74,7% tinham expectativa de que o parto fosse normal, e 25,3%, de que fosse cesárea. O parto normal, esperado por 165 entrevistadas, ocorreu em 66,1% dessas mulheres. A justificativa mais citada pelas mulheres para esperar o parto normal foi a recuperação pós-parto mais rápida e, para a cesárea, ter tido cesárea anterior. As justificativas apresentadas por 61 mulheres para a realização da cesariana não era coincidente com a indicação médica em 47,5% dos casos.Estudio descriptivo y exploratorio, realizado mediante entrevista con 221 puerperas que tuvieron el parto en maternidades públicas de en la ciudad de São Paulo. La investigación tuvo como objetivos: 1. identificar el tipo de parto esperado por las mujeres, considerando la vía vaginal o cesárea y su justificación; 2. verificar la ocurrencia del tipo de parto, según las expectativas de esas mujeres; 3. comparar la indicación médica da la cesárea con la comprensión de las mujeres sobre la justificación para esa intervención. Los datos muestran que 74,7% de las mujeres tenían la expectativa de que el parto fuese normal y 25,3% que fuese cesárea. El parto normal, esperado por 165 entrevistadas, ocurrió en 66,1% de estas mujeres. La justificativa más utilizada por las mujeres para esperar el parto normal fue la recuperación postparto más rápida y para la cesárea, haber tenido la cesárea anterior. La justificación presentada

  17. Componentes do cuidado de enfermagem no processo de parto

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ariane Thaise Frello

    2010-12-01

    Full Text Available O cuidar é necessário durante todo o processo do parto, e conhecer o que as mulheres têm a dizer sobre suas experiências permite que as práticas sejam repensadas. Assim, este estudo teve como objetivo identificar como se apresentam os Componentes do Cuidado de Enfermagem nas falas das puérperas acerca do seu processo de parto. Trata-se de uma pesquisa qualitativa envolvendo três instituições públicas de cada um dos estados da Região Sul do Brasil no período de agosto a dezembro de 2006, tendo como sujeitos 28 puérperas, entrevistadas no alojamento conjunto por meio de entrevista semi-estruturada. Os dados foram analisados conforme passos propostos por Creswell. O referencial teórico utilizado para sustentar a coleta e análise de dados foram os Componentes do Cuidado de Enfermagem propostos por Carraro, baseados em Nightingale e Semmelweis. Os resultados apontam os aspectos relativos ao cuidado da mulher no processo do parto, possibilitando ter clareza sobre suas necessidades de forma a qualificar o cuidado prestado. Desta forma, seus depoimentos contribuem para promover a reflexão e futuras mudanças nos cuidados prestados pela Enfermagem e toda a Equipe de Saúde.

  18. PARTOGRAMA EN MUJERES MULTÍPARAS CON MANEJO MÉDICO DEL TRABAJO DE PARTO

    OpenAIRE

    Parra C,Mauro; Astudillo D,Julio; Caballero T,Rafael; Terra A,Rodrigo; Araneda A,Max; Atria A,Arturo; Rau M,Carlos; Pérez B,Sebastián

    2007-01-01

    Antecedentes. La evaluación gráfica del parto fue descrito originalmente por Friedman, sin embargo, una descripción de la evolución del trabajo de parto con un manejo médico contemporáneo no ha sido completamente evaluado. Objetivo: Analizar el efecto de un manejo médico estandarizado del trabajo de parto, que incluye anestesia regional, rotura artificial de membranas y conducción ocitócica, sobre la fase activa del trabajo de parto en multíparas. Método. Análisis retrospectivo de 130 multípa...

  19. Efeito do tempo de intervalo da amostra ventilatória na variabilidade do consumo máximo de oxigênio (VO2 máx em jogadores de futebol profissional

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo Roberto Santos Silva

    1999-04-01

    Full Text Available O propósito deste estudo foi verificar, em futebolistas profissionais, o impacto de sete intervalos de tempo sobre a variável fisiológica consumo máximo de oxigênio (VO2 máx. Dezoito jogadores de futebol com média de idade de 24 ± 4 anos (18-31, peso de 72,5 ± 5,9kg (62-83 e estatura de 176,5 ± 7,0cm (164-188 foram submetidos a teste ergométrico máximo em esteira rolante, utilizando-se protocolo escalonado contínuo. A resposta de freqüência cardíaca (FC foi registrada por meio de um eletrocardiógrafo computadorizado de 12 derivações simultâneas. A ventilação pulmonar (V E, o consumo de oxigênio (VO2, a produção de dióxido de carbono (VCO2 e a razão de troca respiratória (RER foram calculadas a partir de valores medidos por um sistema espirométrico computadorizado. Os resultados deste estudo demonstraram que houve variabilidade significante do VO2 máx (p < 0,05 somente quando se comparou a resposta instantânea respiração-a-respiração (breath-by-breath em relação aos outros intervalos de tempos analisados (10, 20, 30, 40, 50 e 60 segundos, respectivamente. Concluindo, durante o exercício de intensidade progressiva, observou-se que o aumento do VO2 foi proporcional à diminuição do intervalo de tempo da coleta ventilatória. O tempo de intervalo maior subestimou esse aumento. Assim, sugere-se que o avaliador utilize intervalos médios na faixa de tempo entre 10 e 60 segundos, pois não foi verificada diferença estatística significante entre esses intervalos.

  20. Violência consentida: mulheres em trabalho de parto e parto Consented violence: women in labor and delivery

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leila Regina Wolff

    2008-09-01

    Full Text Available O parto é um evento que integra a vivência reprodutiva da mulher e seu parceiro. Os profissionais de saúde são coadjuvantes dessa vivência, desempenhando um importante papel ao colocar seu conhecimento a serviço do bem-estar da mulher e do bebê, ajudando-os no processo de parturição e nascimento de forma saudável, humana e humanizadora. Este trabalho traz uma secção da tese de doutorado de uma das autoras, com o objetivo de denunciar como se dá a assistência em muitas das instituições de saúde, e que revela como várias das circunstâncias a que a mulher está sujeita no processo de parturição se caracterizam por ações de não cuidado e/ou como desumanização. Nesse recorte destacou-se os depoimentos de parturientes que evidenciaram o não cuidado e/ou a desumanização da assistência à mulher em trabalho de parto e parto. Os relatos evidenciaram um tipo especial de violência de gênero na área da saúde, uma violência consentida, conforme opinião das autoras, que ocorre com mulheres em trabalho de parto e parto.Delivery is an event that is part of the reproductive experience of a woman and her partner. Health professionals play an important role in that experience by putting their knowledge in the service of the woman's and her baby's welfare and helping them in the childbirth process in a healthy as well as humanized manner. The present study is a section of the doctoral dissertation of one of the authors and the objective was to reveal how assistance is provided at some health institutions. Several circumstances to which the woman in labor is subject are characterized by actions that were considered as non-care and/or dehumanization. This section of the dissertation shows a special type of gender violence in the health area, a consented violence, according to the authors' opinion, which occurs with women in labor and delivery.

  1. Autonomía de la enfermera que asiste el parto normal en Brasil Autonomia da enfermeira que assiste ao parto normal no Brasil Nurse’s autonomy in the delevery of normal births in Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lena María Barros

    2007-03-01

    Full Text Available Objetivo: Identificar los factores que interfieren con la autonomía de la enfermera en la asistencia al parto normal. Metodología: Investigación cualitativa, estudio exploratorio con 9 enfermeras de |4 centros obstétricos de maternidades públicas de São Luís, Maranhão, Brasil, entre abril y mayo de 2002, con utilización de entrevistas grabadas. Resultados: La autonomía de la enfermera en la asistencia al parto normal está influenciada por el poder médico y su propia sumisión, por el desconocimiento sobre el respaldo legal que asegura la actuación del enfermero en esta área del cuidado, por la deficiencia de conocimiento técnico-científico para el manejo del parto y por la sobrecarga en el trabajo cotidiano, que provoca una respuesta de dependencia e inseguridad profesional. Conclusión: Es necesaria la movilización y la unión de esfuerzos de esta categoría para la construcción de su base de autonomía, basada fundamentalmente en la competencia y en la definición de roles.Objetivo: Identificar os fatores que interferem com a autonomia da enfermeira na assistência ao parto normal. Metodologia: Estudo qualitativo, exploratório, realizado com 9 enfermeiras de 4 centros obstétricos de maternidades públicas de São Luís - Maranhão, Brasil, de abril a maio de 2002, com utilização de entrevista gravada. Resultados: A autonomia da enfermeira na assistência ao parto normal é influenciada pelo poder médico e submissão da enfermeira, pelo desconhecimento sobre o respaldo legal que assegura ao enfermeiro atuar nessa área do cuidado, pela deficiência de conhecimento técnico-científico para o manejo do parto e pelo ativismo no cotidiano de trabalho, que provocam uma resposta de dependência e insegurança profissional. Conclusão: É necessária a mobilização e união de esforços dessa categoria para construção de sua base de autonomia, ancorada, fundamentalmente, na competência e na definição de pap

  2. Analgesia peridural para o trabalho de parto e para o parto: efeitos da adição de um opióide Effects of the association of an opioid with epidural analgesia for labor and delivery

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Guilherme Cecatti

    1998-07-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi avaliar a eficácia e segurança da associação bupivacaína com sufentanil para a analgesia no trabalho de parto e do parto por meio de um bloqueio peridural contínuo. Realizou-se um ensaio clínico duplo-cego, prospectivo e aleatório, incluindo sessenta mulheres nulíparas da Maternidade do CAISM/UNICAMP. No momento da analgesia, as mulheres foram aleatoriamente alocadas em dois grupos: BS, recebendo 12,5 mg de bupivacaína com adrenalina mais 30 µg de sufentanil e BP, recebendo 12,5 mg de bupivacaína com adrenalina mais placebo. Foram avaliados os parâmetros relativos à qualidade e duração da analgesia, duração do trabalho de parto e também possíveis efeitos sobre o recém-nascido. Os resultados mostraram a superioridade da adição do sufentanil sobre o grau de analgesia durante o tempo de ação da primeira dose de anestésico local. Não houve aumento na duração do trabalho de parto depois do início da analgesia quando se compararam ambos os grupos, nem qualquer diferença quanto à via de parto. Não houve também diferenças entre os grupos com relação à avaliação dos recém-nascidos. Conclui-se que a associação de 30 µg de sufentanil à primeira dose de bupivacaína é segura e eficaz, melhorando a qualidade da analgesia, sua duração e não afetando a progressão do trabalho de parto e o resultado neonatal.The purpose of the present study was to evaluate the efficacy and safety of the association bupivacaine with sufentanil for labor and delivery analgesia through a continuous epidural blockade, for both mother and the neonate. A randomized double blind prospective clinical trial was performed including sixty nulliparous women at the Maternity of CAISM/UNICAMP. When requesting analgesia, the women were randomly allocated to two groups: BS, receiving 12.5 mg of bupivacaine with adrenaline plus 30 µg of sufentanil and BP, receiving 12.5 mg of bupivacaine with adrenaline plus placebo

  3. Ferritina sérica en el segundo trimestre para predicción de parto de pretérmino

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Martha Rondon-Tapia Rondon-Tapia

    2016-12-01

    Full Text Available Introducción: el parto pretérmino es una de las principales causas de morbimortalidad perinatal. La ferritina se asocia con varias reacciones de fase aguda, incluyendo condiciones inflamatorias. Se ha propuesto que las mediciones de las concentraciones de ferritina sérica como un marcador inflamatorio que puede predecir en forma efectiva este evento en embarazadas de bajo riesgo. Objetivo: establecer la utilidad de las concentraciones séricas de ferritina en el segundo trimestre para la predicción del parto pretérmino. Métodos: las muestras de ferritina sérica se tomaron entre las 24 y 28 semanas de embarazo. Todos los embarazos fueron seguidos hasta el parto. Se evaluaron las características generales, concentraciones séricas de ferritina y eficacia pronostica. Resultados: la edad gestacional al momento de la determinación de las concentraciones séricas de ferritina fue de 26,2 +/- 1,1 semanas para el grupo A y 25,9 +/- 1,1 semanas para el grupo B (p = ns. La edad gestacional promedio al momento del parto en el grupo A fue de 32,9 +/- 1,2 semanas y para el grupo B fue de 38,9 + - 1,5 semanas (p < 0,0001. No se encontraron diferencias estadísticamente significativas en la edad materna, índice de masa corporal y antecedentes de parto pretérmino (p = ns. Las pacientes del grupo A (92,2 +/- 16,3 ng/ mL presentaron concentraciones séricas significativamente más altas de ferritina comparadas con las embarazadas del grupo B (59,3 +/- 14,1 ng/mL pg/mL; p < 0,0001. Un valor de corte de 80 ng/mL presentó un valor por debajo de la curva de 0,95 con sensibilidad 73,0%, especificidad 93,0%, valor predictivo positivo 49,3% y valor predictivo negativo 97,3%. Conclusión: las concentraciones séricas de ferritina son útiles en la predicción del parto pretérmino.

  4. Influencia de la condición corporal de novillas Mambí al parto en el comportamiento reproductivo posparto Influence of the body condition of Mambí heifers at parturition on the postpartum reproductive performance

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    O López

    2007-06-01

    Full Text Available Se estudiaron 105 hembras Mambí en un sistema silvopastoril multiasociado, en la vaquería 066 de la Empresa Pecuaria Genética de Matanzas, con el objetivo de evaluar la influencia de la condición corporal de las novillas al parto en el comportamiento reproductivo posparto. El área de la unidad es de 47 ha, de las cuales 42 ha se dedicaron al pastoreo, divididas en 37 cuartones, y las 5 ha restantes se utilizaron para la producción de forraje de caña de azúcar. La carga fue de 1,7 vacas/ha. Se monitoreó la condición corporal (CC de las hembras al parto, se estimó el peso vivo de los animales, se calculó el balance alimentario para las vacas con nueve meses de gestación y se determinaron los indicadores reproductivos. Se encontró una ligera deficiencia de energía de un 5% solo en la época poco lluviosa, mientras que hubo exceso de proteína bruta, calcio y fósforo en ambas épocas del año. La CC de las vacas al parto estuvo por encima de 3 en todos los bimestres del año, con el mayor valor en julio-agosto (3,5 y el menor en mayo-junio (3,1; además, en las dos épocas la CC promedio de los animales fue similar (3,3. El peso de los terneros al nacer no presentó diferencias para los distintos rangos de CC y estuvo entre 36,5 y 38,7 kg/animal. Las vacas que parieron con 2,5 de CC presentaron un intervalo parto-primer servicio (PA total of 105 Mambí heifers were studied in a multi-associated silvopastoral system, in the dairy 066 of the Livestock Genetic Firm of Matanzas, with the objective of evaluating the influence of the body condition of the heifers at parturition on the postpartum reproductive performance. The area of the unit is 47 ha, of which 42 ha were dedicated to grazing, divided into 37 paddocks, and the other 5 were used for forage production from sugarcane. The stocking rate was 1,7 cows/ha. The body condition (BC of the heifers at parturition was monitored, the live weight of the animals was estimated, the feeding

  5. Uma revisão literária dos cuidados de enfermagem na humanização do parto hospitalar

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ricardo Neto Ribeiro de Oliveira

    2017-12-01

    Full Text Available O objetivo do presente artigo foi identificar, a partir de uma revisãointegrativa da literatura, o conhecimento científico produzidoentre 2009 e 2014 sobre os cuidados de enfermagem na humanizaçãodo parto hospitalar. Foram selecionados 15 artigos que abordaram atemática em questão, publicados entre os anos de 2009 e 2014, emperiódicos indexados nas bases de dados LILACS e SciELO. Entreos periódicos que mais publicaram sobre o assunto, destaca-se a EscolaAnna Nery Revista de Enfermagem (26,66%. O levantamentorevelou que o (a enfermeiro(a cumpre um papel imprescindível deeducação em saúde para as gestantes, promovendo a atenção humanizadae garantindo à gestante um modelo conducente a uma efetivahumanização da parturição e do parto, além de atender as necessidadesindividuais por meio da participação ativa e do poder de escolhasaudável, para o período gravídico. Espera-se que os resultados desteestudo sirvam de fonte para o conhecimento e incentivo para mais estudosa respeito dessa temática ainda pouco explorada em nosso meio.Palavras-chave: Humanização do parto; Gravidez e cuidados deenfermagem.

  6. A contribuição do acompanhante para a humanização do parto e nascimento: percepções de puérperas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hilana Dayana Dodou

    2014-04-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi investigar a contribuição do acompanhante durante o parto e o nascimento, na perspectiva de puérperas. Métodos: Estudo descritivo, qualitativo, realizado em hospital público de nível secundário em Fortaleza-Ceará, com 20 puérperas. A coleta de dados ocorreu entre maio e junho de 2012, por meio de entrevista semiestruturada gravada. As falas foram organizadas e analisadas com base na análise de conteúdo de Bardin. Resultados: A presença do acompanhante promove confiança e segurança no momento do parto, além de ser uma fonte de apoio e força, capaz de amenizar a dor e a sensação de solidão e gerar bem-estar emocional e físico. Conclusão: O cuidado proporcionado pelos acompanhantes contribuiu para a humanização do parto e nascimento, como também trouxe conforto, calma e segurança, aliviando a tensão das parturientes.

  7. IDENTIFICAÇÃO DOS FATORES DE RISCO PARA DEPRESSÃO PÓS-PARTO: IMPORTÂNCIA DO DIAGNÓSTICO PRECOCE

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lorena Andrade Gomes

    2010-01-01

    Full Text Available La investigación tuvo como objetivo identificar los factores de riesgo que pueden contribuir para la Depresión Post-parto (DPP y también identificar los síntomas que pueden caracterizarla en el período del puerperio inmediato. Se trata de una investigación descriptiva con enfoque cuantitativo, realizada entre abril y mayo del 2008, con puérperas (n = 95 de una maternidad considerada de referencia de la ciudad de Fortaleza. Como instrumentos se utilizaron: un formulario con informaciones socioeconómicas y demográficas y la Edinburgh Postnatal Depression Scale (EPDS, para evaluar la DPP. La prevalencia de depresión post-parto encontrada fue de 24,2% (EPDS = 13. Los hallazgos sugieren que las bajas condiciones socioeconómicas pueden contribuir para el desarrollo de la DPP y, a pesar de ser una enfermedad subdiagnosticada, las cifras encontradas muestran alto porcentaje de puérperas susceptibles a desarrollar síntomas de depresión después del parto.

  8. Intervalo QT corto intermitente en un paciente con muerte súbita cardiaca

    OpenAIRE

    Dorantes-Sánchez,Margarita; López-Delgado,Amarily; Castro-Hevia,Jesús; Méndez-Rosabal,Annerys

    2011-01-01

    Se presenta el caso de un hombre de 21 años de edad, sin cardiopatía estructural demostrable por los métodos convencionales, reanimado de un episodio de muerte súbita cardiaca. Su historia familiar incluye dos hermanos muertos súbitamente en el primer año de vida. El paciente tuvo diez episodios de taquicardia ventricular (varios de ellos registrados), uno de ellos lo llevó al evento de muerte del cual fue reanimado. Las anormalidades electrocardiográficas fueron un intervalo QT corto intermi...

  9. A vivência de mulheres no parto domiciliar e hospitalar La vivencia de mujeres en el parto domiciliar y hospitalario Women experience with home and hospital childbirth

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cilene Delgado Crizóstomo

    2007-03-01

    Full Text Available Estudo com abordagem qualitativa, objetivando compreender na vivência das mulheres a experiência do parto normal domiciliar e hospitalar bem como discutir a vivência das mulheres nos dois tipos de partos. Os sujeitos do estudo foram sete mulheres multíparas residentes em Batalha PI, e o instrumento utilizado foi um roteiro semi-estruturado com a técnica da entrevista. Os resultados revelaram que os partos domiciliares vivenciados pelas mulheres aconteceram mais rápido, de forma natural, sem intervenções e assistidos por parteiras ou por suas mães. As posições de preferência durante o parto domiciliar foram na rede e no assento, e os partos hospitalares foram laboriosos, complicados e com intervenções traumáticas. A melhor posição e o melhor local do parto escolhidos pelas entrevistadas foram na rede e o domicílio, respectivamente. Conclui-se que o parto domiciliar foi natural e humanizado, já o parto normal hospitalar foi conduzido pelos profissionais com intervenções sem a participação ativa das parturientes, tornando-o traumático, desumano e de risco.Estudio con abordaje cualitativo, objetivando entender la experiencia de mujeres en parto natural en el domicilio y en el hospital, en cuanto se discute la experiencia de las mujeres en ambos tipos de parto. Los sujetos del estudio fueron siete mujeres multiparas que viven en Batalha - Piauí - Brasil, y los instrumentos usados fueran un guión semi-estructurado con la técnica de la entrevista. Los resultados revelaron que los partos en el domicilio experimentados por las mujeres sucedieron más rápidamente, de una manera natural, sin intervenciones y asistido por parteras o por sus madres. Las posiciones preferidas durante el parto en el domicilio fueron en la red y en el asiento, y los partos en el hospital fueran laboriosos, complicados y con intervenciones traumáticas. La mejor posición y la mejor localización del parto, escogidos por las entrevistadas, fueron la

  10. Prevalencia y factores predictores de parto vaginal poscesárea, centro obstétrico del Hospital Vicente Corral Moscoso, Cuenca 2010

    OpenAIRE

    Rodríguez Deleg, Marina Isabel

    2011-01-01

    OBJETIVO: Determinar prevalencia y factores predictores del parto vaginal pos cesárea en las embarazadas que acuden al departamento de Gineco- obstetricia del hospital Vicente Corral Moscoso . MATERIAL Y MÉTODOS. Estudio de tipo transversal en pacientes embarazadas con cesárea anterior entre los 19 y 35 anos ingresados en el departamento de gineco-obstetricia del Hospital Vicente Corral Moscoso en período comprendido de Diciembre de 2010 a Mayo de 2011 , obteniéndose una muestra de 346 pa...

  11. Resultados da assistência ao parto no Centro de Parto Normal Dr. David Capistrano da Costa Filho em Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil Results of childbirth care at a birthing center in Belo Horizonte, Minas Gerais, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sibylle Emilie Vogt Campos

    2007-06-01

    Full Text Available A qualidade da assistência prestada em Centro de Parto Normal (CPN por enfermeira obstetra é amplamente questionada. Foi realizado um estudo descritivo e retrospectivo de 2.117 partos ocorridos entre janeiro de 2002 e julho 2003, no CPN Dr. David Capistrano da Costa Filho, em Belo Horizonte. Entre os principais resultados da assistência, destacam-se a taxa de transferência materna com 11,4%; a taxa de cesárea com 2,2%; a taxa de admissão em Centro de Tratamento Intensivo (CTI neonatal de 1,2%; e a taxa de Apgar This was a descriptive and retrospective study of 2,117 deliveries from January 2002 to July 2003 at the Dr. David Capistrano da Costa Filho Birthing Center in Belo Horizonte, Minas Gerais, Brazil. Widespread questions have been raised concerning the quality of services provided at birthing centers by obstetric nurses. The results of the current study were: 11.4% maternal transfer rate; 2.2% cesarean sections; 1.2% neonatal ICU admissions; and 1% 5-minute Apgar scores below 7. Delivery dystocia and the request for epidural anesthesia were the main reasons for maternal transfer, and respiratory distress was the main cause of neonatal ICU admission. Corrected neonatal mortality was 2 per 1,000 live births. The results at this birthing center did not differ significantly from those in a review of the international literature. The most striking finding was the low cesarean rate. Comparative studies and more comprehensive national data on low-risk gestations are needed.

  12. Avaliação da efetividade de métodos não farmacológicos no alívio da dor do parto

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Samara Maria Borges Osório

    2014-01-01

    Full Text Available Revisión sistemática con objetivo de evaluar la efectividad de métodos no farmacológicos en el alivio del dolor en el trabajo de parto. La búsqueda de las publicaciones ocurrió en BDENF, Pubmed, LILACS e Cochrane Library, con selección de 2007 a 2012. Se analizaron siete estudios que evaluaron los métodos no farmacológicos y que cumplieron los criterios de elegibilidad. El masaje, la aromaterapia, el baño de inmersión, la acupuntura y la acupresión son métodos eficaces para aliviar el dolor en el trabajo de parto, ya que además de reducir la percepción del dolor, aún reducen los niveles de ansiedad y estrés. Entre éstos lo de mayor eficacia fue el masaje, principalmente cuando aplicada en la primera etapa del trabajo de parto. Además, las intervenciones no interfieren en el tipo y en la duración del trabajo de parto, señalándose seguras a la práctica clínica.

  13. Modelos de assistência obstétrica concorrentes e ativismo pela humanização do parto = Competing obstetric care models and activism for humanization of parturition

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mendonça, Sara Sousa

    2015-01-01

    Full Text Available Este artigo se dedica à análise do embate contemporâneo em torno da questão do parto: entre partidários do modelo “tecnocrático” e do “humanístico/humanizado” de assistência. Primeiramente ele se traduz em um embate entre defensores do parto normal e da cesárea, desacortinando o conflito entre estes dois modelos de assistência. Pretendo examinar os discursos médicos acerca de possíveis práticas obstétricas, com o objetivo de analisar como cada grupo (os que buscam legitimar o parto normal e os que defendem a cesárea constrói e autoriza o seu discurso. Enfocarei o caminho percorrido pelos médicos formados em escolas de medicina com viés tecnocrático para a adoção do modelo humanizado. Analisarei também como as ativistas e demais mulheres se relacionam, respondem e se posicionam com relação a estes discursos médicos, considerando o papel desempenhado por elas como reprodutoras, legitimadoras e construtoras destes discursos

  14. Assistência ao parto de mulheres negras em um hospital do interior do Maranhão, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ilka Kassandra Pereira Belfort

    Full Text Available Resumo Há no Brasil poucos estudos que considerem a cor como um possível fator de aumento de vulnerabilidade à perda da saúde, que analisem a morbidade levando em consideração a cor/raça das pessoas, especialmente os que abordam a saúde reprodutiva. Estudos realizados nos últimos anos evidenciaram diferenças importantes entre as taxas de mortalidade materna de mulheres de cor branca, parda e preta. Supõe-se que essas diferenças sejam decorrentes de falta de acesso a serviços de saúde e/ou da pior qualidade da assistência prestada amulheres negras. Há poucos estudos que analisam como se dá o atendimento pré-natal e ao parto considerando a cor das mulheres, especialmente em pequenos municípios, em regiões mais carentes do país. Este estudo objetiva descrever como ocorre a assistência ao ciclo gravídico puerperal de mulheres negras residentes no município de Icatu, no Maranhão. Trata-se de uma pesquisa descritiva exploratória desenvolvida com puérperas que tiveram parto no Hospital Municipal da cidade. Foram entrevistadas 26 mulheres negras que aceitaram participar da pesquisa. A idade variou de 10 a 39 anos, com 50% de 20 a 24 anos. A maioria estava em união estável, 46,2% iniciaram a vida sexual antes de 15 anos, e 53,8%, entre 16 e 20 anos. Constatou-se que a maioria iniciou o pré-natal no primeiro trimestre e teve seis consultas ou mais durante o acompanhamento. Todas as mulheres de cor preta e a maioria das de cor parda tiveram anemia ferropriva no período gestacional. Elas gostariam de ser escutadas na hora do parto e de receberem mais atenção, com maior acolhimento.

  15. Prevalence and correlates of preterm labor among young parturient women attending public hospitals in Brazil Prevalencia y factores correlativos del parto prematuro en las jóvenes parturientas que acuden a los hospitales públicos del Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Angélica E. Miranda

    2012-11-01

    Full Text Available OBJECTIVE: To determine the prevalence of and risk factors for preterm labor (OBJETIVO: Determinar la prevalencia y los factores de riesgo de parto prematuro (menos de 37 semanas de gestación en las jóvenes embarazadas del Brasil. MÉTODOS: Se llevó a cabo un estudio transversal a escala nacional en jóvenes parturientas de 15 a 24 años de edad que acudieron a las maternidades públicas brasileñas en el 2009. Los entrevistadores administraron cuestionarios al ingresar la parturienta en la maternidad (o poco después de parto, si las mujeres participantes tenían demasiado dolor como para responder durante el trabajo del parto. Las participantes respondieron a un cuestionario que recopilaba datos demográficos, conductuales y clínicos. RESULTADOS: Se incluyeron en el estudio un total de 2 071 (86,3% parturientas de las 2 400 invitadas a participar. La media de edad fue de 20,2 años (desviación estándar [SD]: 2,7 y el promedio de años de enseñanza escolar fue de 8 (SD: 2,4. Se produjo un parto prematuro en 450 mujeres (21,7%. La proporción más alta de parto prematuro (36,1% se observó en la región del Norte y la proporción más baja (6,9% en la región del Sur. En el modelo final de regresión logística con variables múltiples, el vivir en la región del Norte (razón de posibilidades [OR]: 1,43; intervalo de confianza [IC] de 95%: 1,28-1,59; el tener ingresos mensuales inferiores a dos veces el salario mínimo brasileño (OR: 1,27, IC de 95%: 1,01-1,60; el haber sido víctima de violencia doméstica (OR: 2,27, IC de 95%: 1,23-4,18; y el haber recibido una atención prenatal inadecuada (OR: 3,17, IC de 95%: 2,54-3,97 seguían siendo factores correlativos significativos de parto prematuro en esta población. CONCLUSIONES: Los resultados muestran una alta prevalencia del parto prematuro en las mujeres jóvenes del Brasil. El parto prematuro presenta una etiología multifactorial. Se deben destinar más recursos de salud p

  16. ENTRE EL AUTORITARISMO MORIBUNDO Y EL PARTO CIUDADANO (EL GOBERNADOR VÍCTOR MANUEL CERVERA PACHECO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Othón Baños Ramírez

    2002-01-01

    Full Text Available Víctor M. Cervera Pacheco, paradójicamente, fue el primero nombrado (o interino y el último gobernador (electo por el PRI de la era neoliberal. Este trayecto político de Cervera que se inicia en 1984 y termina en el 2001, cuando gana la gubernatura Patrico Patrón Laviada del PAN, es explicado en este trabajo dadas las inercias endógenas de la política de Yucatán y reconociendo su articulación y dependencia del sistema político nacional. Es un caso que ejemplifica como se desdibuja y desmorona el régimen de la revolución que gobernó por más de 70 años.

  17. Aveia preta e azevém anual colhidos por interceptação de luz ou intervalo fixo de tempo em sistemas integrados de agricultura e pecuária no Estado de São Paulo

    OpenAIRE

    TONATO, F.; PEDREIRA, B. C. e; PEDREIRA, C. G. S.; PEQUENO, D. N. L.

    2014-01-01

    Objetivou-se caracterizar o potencial produtivo, a distribuição mensal, a composição morfológica e botânica da forragem de aveia preta e de azevém anual submetidos a estratégias de manejo de corte no estado de São Paulo. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado, com tratamentos correspondendo a combinações entre formas de cultivo (aveia e azevém exclusivos ou combinados) e estratégias de colheita (cortes com 95% de interceptação de luz (IL) ou intervalo FIXO de 30 dias de rebr...

  18. O efeito da deambulação na duração da faze ativa do trabalho de parto El efecto de la deambulación en la duración de la fase activa del trabajo de parto The ambulation effect in the active stage duration of the labor

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabiana Villela Mamede

    2007-09-01

    Full Text Available O trabalho teve como objetivo analisar a associação entre a deambulação e a duração da fase ativa do trabalho de parto. Metodologia: estudo analítico de intervenção do tipo quase experimental. Fizeram parte do estudo 80 parturientes primíparas, admitidas em trabalho de parto espontâneo, no início da fase ativa. Instrumentos de coleta de dados: podômetro para medir a distância percorrida em metros, Escala Visual Numérica (EVN de dor, formulário para o registro de dados. Resultados: as participantes percorreram uma distância média de 1.624 metros, 63,09% da fase ativa do trabalho de parto e em um tempo médio de 5 horas. Verificou-se que a quantidade deambulada durante as três primeiras horas da fase ativa está associada a um encurtamento do trabalho de parto, sendo que a cada 100 metros percorridos ocorreu uma diminuição de 22 minutos na primeira hora, 10 minutos na segunda hora e 6 minutos na terceira hora.La finalidad de este trabajo fue la de analizar la asociación entre la deambulación y el tiempo de la fase activa del trabajo de parto. Metodología: estudio analítico de intervención del tipo casi experimental. Participaron del estudio 80 parturientes primíparas, admitidas en trabajo de parto espontáneo, en el inicio de la fase activa. Instrumentos de recopilación de datos: podómetro para medir la distancia transcurrida en metros, Escala visual numérica de dolor, Formulario para el registro de datos. Resultados: las participantes transcurrieron una distancia media de 1624metros, 63,09% de la fase activa del trabajo de parto y en un tiempo promedio de 5 horas. Se verificó que la cantidad deambulada durante las tres primeras horas de la fase activa está asociada a un acortamiento del trabajo de parto. Para cada 100 metros transcurridos ocurrió una disminución de 22 minutos en la primera hora, 10 minutos en la segunda hora y 6 minutos en la tercera hora.This study aimed to analyze the association between

  19. Resultados maternos e neonatais em centro de parto normal peri-hospitalar e hospital

    OpenAIRE

    Schneck,Camilla Alexsandra; Riesco,Maria Luiza Gonzalez; Bonadio,Isabel Cristina; Diniz,Carmem Simone Grilo; Oliveira,Sonia Maria Junqueira Vasconcellos de

    2012-01-01

    OBJETIVO: Comparar os resultados maternos e neonatais em mulheres de baixo risco atendidas em centro de parto normal peri-hospitalar e hospital. MÉTODOS: Estudo transversal com amostra representativa de mulheres de baixo risco atendidas em São Paulo, SP, de 2003 a 2006. Foram incluídas 991 mulheres que tiveram o parto no centro de parto normal e 325 que deram à luz no hospital. Os dados foram obtidos dos prontuários. A análise comparativa foi realizada para o total de m...

  20. Resultados maternos e neonatais em centro de parto normal peri-hospitalar e hospital

    OpenAIRE

    Schneck, Camilla Alexsandra; Riesco, Maria Luiza Gonzalez; Bonadio, Isabel Cristina; Diniz, Carmem Simone Grilo; Oliveira, Sonia Maria Junqueira Vasconcellos de

    2012-01-01

    OBJETIVO: Comparar os resultados maternos e neonatais em mulheres de baixo risco atendidas em centro de parto normal peri-hospitalar e hospital. MÉTODOS: Estudo transversal com amostra representativa de mulheres de baixo risco atendidas em São Paulo, SP, de 2003 a 2006. Foram incluídas 991 mulheres que tiveram o parto no centro de parto normal e 325 que deram à luz no hospital. Os dados foram obtidos dos prontuários. A análise comparativa foi realizada para o total de mulheres e estratificada...

  1. Intervenção fisioterapêutica na assistência ao trabalho de parto

    OpenAIRE

    Eliane Rodrigues Bio

    2007-01-01

    A assistência ao trabalho de parto envolve constante atualização sobre as intervenções obstétricas benéficas e necessárias para o nascimento seguro. Neste sentido, há uma redescoberta das posturas verticais e da liberdade de movimento da parturiente como prática eficiente para facilitar o trabalho de parto. Paralelamente, há uma tendência mundial à valorização do parto vaginal, a despeito das altas taxas de cesárea em nosso meio. Nesse contexto, se insere a proposta de intervenção fisioterapê...

  2. Factores pronósticos en la inducción del trabajo del parto

    OpenAIRE

    Pérez Matos, Cristina

    2016-01-01

    Programa de doctorado: Patología Quirúrgica, reproducción humana, factores psicológicos y el proceso de enfermar. Área de Obstetricia y Ginecología. La fecha de publicación es la fecha de lectura [ES]Obejtivos: analizar los factors pronósticos del éxito de la inducción del parto (finalización mediante parto vaginal). Igualmente se analizaron los factores pronósticos para el éxito en alcanzar la fase activa del parto. Material y métodos: Estudio prospectivo observacional de las gestantes en...

  3. Níveis de cálcio sérico em porcas gestantes e em trabalho de parto - DOI: 10.4025/actascianimsci.v27i3.1210 Serum calcium levels in gestation and in farrowing labor time sows - DOI: 10.4025/actascianimsci.v27i3.1210

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Alexandre Filho

    2005-03-01

    Full Text Available O trabalho propõe estabelecer os níveis séricos de cálcio total, iônico e albumina para porcas gestantes e lactentes e correlacionar esses dados com índices reprodutivos. Foram utilizadas 50 porcas. O sangue foi colhido por venopunção da cava anterior, aos 60 dias de gestação e no parto. As porcas em gestação e as parturientes apresentaram níveis médios de cálcio total de 9,71±1,21 mg/dL e 10,09±2,17 mg/dL, cálcio iônico de 3,78±0,83 mg/dL e 3,28±0,65 mg/dL e albumina de 2,8±0,4 g/dL e 2,9±0,5 g/dL, respectivamente. Observou-se hipocalcemia em 16% das porcas parturientes. A duração média do parto foi de 164 minutos. O intervalo médio de nascimento de leitões foi de 16 minutos e o número de natimortos foi, em média, de 0,88. A calcemia não demonstrou correlação com os índices reprodutivos. Não se observaram diferenças estatísticas entre os níveis de cálcio total, iônico e albumina entre as porcas gestantes e parturientesThe aim of this work is to establish the serum levels of total, ionic and albumin calcium for gestation and lactating sows and to study the correlation between these data and reproductive indices. Fifty sows were used. The blood was taken at 60 days on gestation sows and at the farrowing moment, from the front cava venipuncture. The total, ionic and albumin calcium estimated for gestation and in farrowing sows was 9.71±1.21 mg/dL and 10.09±2.17 mg/dL, 3.78±0.83 mg/dL and 3.28±0.65 mg/dL, 2.8±0.4 g/dL and 2.9±0.5 g/dL, respectively. Hypocalcemia was observed in 16% of in farrowing labor sows. The average time for farrowing was 164 minutes. The average interval of piglets’ birth was 16 minutes and 0.88 was the observed stillbirth number. The correlation between the low levels of calcium and the reproductive indices were not observed. Statistic differences were not observed between the total, ionic and albumin levels of calcium for gestation and in farrowing labor sows

  4. Amamentação e depressão pós-parto: revisão do estado de arte

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bárbara Figueiredo

    2013-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Revisar a literatura sobre a associação entre a amamentação e a depressão pós-parto. FONTES: Uma revisão da literatura encontrada na base de dados MEDLINE/Pub-Med. RESUMO DOS ACHADOS: A literatura mostra, de forma consistente, que a amamentação fornece uma ampla quantidade de benefícios tanto para a criança quanto para a mãe. Ainda são necessárias mais pesquisas sobre os benefícios psicológicos para a mãe. Alguns estudos apontam que a depressão na gravidez é um dos fatores que pode contribuir para a não amamentação. Outros estudos sugerem, também, uma associação entre amamentação e depressão pós-parto, não estando clara ainda a direção dessa associação. A amamentação pode promover processos hormonais que protegem as mães contra a depressão pós-parto por atenuar a resposta do cortisol ao estresse. E isso também pode reduzir o seu risco, por auxiliar na regulação dos padrões do sono e vigília da mãe e do filho, melhorando a autoeficácia e o envolvimento emocional da mãe com a criança, reduzindo as dificuldades de temperamento e promovendo uma melhor interação entre eles. CONCLUSÕES: A pesquisa aponta que a amamentação pode proteger as mães da depressão pós-parto e começa a esclarecer que processos biológicos e psicológicos podem explicar essa proteção. Contudo, ainda existem resultados ambíguos na literatura que poderão ser explicados pelas limitações metodológicas apresentadas por alguns estudos.

  5. Association between IGF-IR gene polymorphisms and productive and reproductive traits in Holstein cows Associação entre polimorfismos do gene IGF-IR e características produtivas e reprodutivas em fêmeas bovinas da raça Holandesa

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    W. Schoenau

    2005-12-01

    Full Text Available The association between single-strand conformation polymorphism (SSCP in the gene of insulin-like growth factor-I receptor (IGF-IR and age at first calving (AFC, calving interval (CI, lactation length (LL, and milk yield (MY was studied using 106 graded Holstein females. The polimerase chain reaction (PCR with specific initiating oligonucleotides, resulted an amplified fragment of 335pb. The population genotypes frequencies were 82.1% and 17.9%, for AA and AB genotypes, respectively. The frequency of A allele was 0.91 and 0.09 of B allele. No association between the identified polymorphism and AFC, CI, and MY was observed. The LL was positively associated (PEstudou-se a associação entre polimorfismos de conformação de fita simples (SSCP no gene do receptor do fator-I de crescimento semelhante à insulina (IGF-IR e idade ao primeiro parto (IPP, intervalo entre partos (IEP, duração da lactação (DL e produção de leite (PL, em 106 fêmeas puras por cruza da raça Holandesa. A reação em cadeia da polimerase (PCR com oligonucleotídeos iniciadores específicos gerou um fragmento de 335pb. A freqüência genotípica da população para o polimorfismo foi 82,1% de indivíduos homozigotos para o alelo A e 17,9% de heterozigotos (AB. A freqüência do alelo A foi 0,91 e a do alelo B, 0,09. Não foi encontrada associação entre o polimorfismo estudado e as características IPP, IEP e PL. A característica DL foi positivamente associada (P<0,05 à ausência do alelo B. A lactação dos animais portadores do genótipo AA foi mais longa.

  6. Nivel de ruido en la sala de parto

    OpenAIRE

    Oliveira, Fernanda Lima de Campos; Kakehashi, Tereza Yoshiko; Tsunemi, Miriam Harumi; Pinheiro, Eliana Moreira [UNIFESP

    2011-01-01

    Teve como objetivo identificar níveis de pressão sonora em salas de parto e fontes de ruído. Estudo quantitativo, descritivo, exploratório. Coleta de dados ocorreu de outubro de 2008 a julho de 2009. Utilizou-se um dosímetro para registrar os níveis de pressão sonora e a observação não-estruturada para identificar fontes geradoras. Realizaram-se 2.928 minutos de registros do ruído e observação de fontes. Valores de nível de pressão sonora equivalente (Leq) foram calculados pelo software Quest...

  7. Resultado do teste rápido anti-HIV após o parto: uma ameaça à amamentação ao nascimento Resultado de la prueba rápida anti-HIV posterior al parto: una amenaza al amamantamiento en el nacimiento Delivering rapid HIV tests results after delivery: a threat to breastfeeding at birth

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Inês Couto de Oliveira

    2010-02-01

    asociados al no amamantamiento en la primera hora de vida, sobretodo la influencia del momento del resultado de la prueba rápida anti-HIV. MÉTODOS: Estudio de cohorte, siendo el punto inicial al sometimiento a la prueba rápida y el final la primera mamada del bebé. La población estudiada incluyó 944 parturientas sometidas a la prueba rápida anti-HIV, con resultado negativo, en 2006, en los cinco hospitales amigos del niño del Sistema de Gestación de Alto Riesgo en el municipio de Rio Janeiro, Sureste de Brasil. Entrevistadoras entrenadas obtuvieron datos del laboratorio y del prontuario y en el post parto aplicaron cuestionario para entrevistar a las madres. El modelo multinivel fue adoptado para analizar la influencia de características sociodemográficas, de asistencia pre-natal y al parto sobre el no amamantamiento en la primera hora de vida. RESULTADOS: Entre las participantes, apenas 15,6% recibieron su resultado antes del parto, 30,8% después del parto y 53,6% aún desconocían el resultado al ser entrevistadas. La prevalencia de no amamantamiento en la primera hora de vida fue de 52,5% (IC 95%: 49,3;55,8. Posterior al ajuste, el recibimiento del resultado de la prueba rápida posterior al parto duplicó el riesgo de no amamantamiento en la primera hora de vida (RR=2,06; IC 95%: 1,55;2,75. Otros factores de riesgo fueron: color no blanco, renta materna de un salario mínimo o menos, parto cesáreo, madre no querer amamantar el bebé al nacimiento y madre referir que el equipo hospitalario no la escuchaba. El desconocimiento de la realización de la prueba rápida anti-HIV por la madre se mostró como factor de protección. CONCLUSIONES: El principal factor de riesgo para el no amamantamiento en la primera hora de vida fue el recibimiento del resultado de la prueba rápida posterior al parto. La prueba anti-HIV debe ser ampliamente disponibilizada en el pre-natal y la prueba rápida debe ser realizada bajo indicación, en la admisión, con búsqueda activa y

  8. Influência do tipo de parto sobre a concentração de imunoglobulinas A, G e M no colostro materno Influence of type of delivery on A, G and M immunoglobulin concentration in maternal colostrum

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gabriel A. J. Striker

    2004-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Verificar a influência do tipo de parto sobre a concentração das imunoglobulinas (Ig A, G e M no colostro materno. MÉTODOS: Foram selecionadas 82 puérperas com idade cronológica entre 21 e 41 anos, idade gestacional de 37 ou mais semanas, paridade até IV gesta, bom estado nutricional e sem patologias associadas durante a gestação e o puerpério. Foram também critérios de inclusão para os recém-nascidos: peso > 2.500 g, escore de Apgar > 7 no primeiro minuto e aleitamento materno exclusivo durante o período da internação. As puérperas foram divididas em três grupos: A - parto vaginal; B - cesárea precedida de trabalho de parto; e C - cesárea eletiva. O colostro foi colhido manualmente entre 48 e 72 horas pós-parto. IgA, IgG e IgM foram dosadas pela técnica de ELISA RESULTADOS: Não se observou diferença significativa entre os tempos de coleta do colostro nos três grupos maternos estudados. Quanto menor o tempo de coleta, maior foi a concentração de IgA no colostro materno; quanto menor a paridade, maior foi a concentração de IgA e IgM no colostro materno. O grupo de puérperas submetidas a cesárea precedida de trabalho de parto apresentou concentração mais elevada de IgA no colostro do que o grupo de puérperas que havia dado à luz por parto normal. A concentração de IgM e IgG no colostro materno não foi influenciada pelo tipo de parto. CONCLUSÃO: A ocorrência do trabalho de parto, somada ao estresse cirúrgico, induz a uma concentração mais elevada de IgA no colostro materno na puérpera submetida a cesárea precedida de trabalho de parto.OBJECTIVE: To investigate the association between type of delivery and immunoglobulin concentration in maternal colostrum. METHODS: We studied 82 women who were giving birth. Age was between 21 and 41 years, gestational age was 37 or more weeks and parity up to IV pregnancies. The women were in good nutritional condition and did not have any pregnancy or

  9. A amamentação entre filhos de mulheres trabalhadoras El amamantamiento entre hijos de mujeres trabajadoras Breastfeeding among children of women workers

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aline Alves Brasileiro

    2012-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar benefícios trabalhistas e fatores associados à manutenção dos índices de amamentação entre mães trabalhadoras. MÉTODOS: A amostra foi constituída por 200 mulheres trabalhadoras formais que retornaram ao trabalho antes de a criança completar seis meses de vida, no município de Piracicaba, SP. Dentre as participantes, 100 díades mãe-lactente receberam orientações e apoio para a prática do aleitamento em um programa de prevenção em saúde bucal e as demais 100 díades foram abordadas em uma campanha de vacinação infantil. Foi realizada análise de regressão logística múltipla para identificar variáveis relacionadas ao desmame ao quarto mês de vida. RESULTADOS: A maior parte das participantes era primípara, passou por cesariana, iniciou a amamentação em menos de quatro horas após o parto e permaneceu com seu filho em alojamento conjunto. Tiveram mais chance de parar a amamentação: mães não participantes do programa de incentivo (OR = 3,04 [IC95% 1,35;6,85], mães que não tinham intervalo de 30 minutos durante a jornada de trabalho (OR = 4,10 [IC95% 1,81;9,26] e mães cujos filhos utilizavam chupeta (OR = 2,68 [IC95% 1,23;5,83] ou mamadeira (OR =14,47 [IC95% 1,85;113,24]. CONCLUSÕES: As mães que participaram do grupo de incentivo à amamentação, não ofereceram chupeta e mamadeira aos filhos e tinham intervalo durante o trabalho pararam a amamentação após o quarto mês. Apoio, informações sobre o manejo da lactação e sobre seus direitos garantidos por lei, em conjunto com a ampliação do tempo de licença maternidade, poderão ter um importante papel na manutenção da prática do aleitamento materno.OBJETIVO: Analizar beneficios laboristas y factores asociados al mantenimiento de los índices de amamantamiento entre madres trabajadoras. MÉTODOS: La muestra fue constituida por 200 mujeres trabajadoras formales que retornaron al trabajo antes del niño completar seis meses de vida, en

  10. Antibioticoterapia profilática em obstetrícia: comparação entre esquemas Prophylactic antibiotic treatment in obstetrics: comparison of regimens

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Heraldo Francisco Costa

    1998-10-01

    Full Text Available Objetivos: avaliar a eficiência de vários esquemas de antibioterapia profilática no parto na prevenção da infecção puerperal. Métodos: segundo a via de parto (vaginal ou abdominal e conforme a presença ou não de um ou mais fatores de risco para infecção puerperal, as pacientes foram distribuídas entre os grupos de baixo, médio e alto risco para a infecção puerperal. Foram incluídas 2.263 pacientes no período de março de 1994 a junho de 1997. Resultados: a incidência de infecção puerperal variou entre os grupos. Foi de 3,1% no grupo de baixo risco, em que nenhum antibiótico foi administrado e de 8, 5% no grupo de alto risco, no qual todas as pacientes receberam cefalotina 1 g EV em três doses, com intervalo de seis horas entre as doses. No grupo de médio risco a taxa de infecção puerperal foi de 5,3 % entre as pacientes que receberam cefoxitina 1 g EV em três doses; 5,0% entre as usuárias de cefalotina 1 g EV em três doses; 4,0% quando se utilizou a cefoxitina em dose única e 3,4% quando utilizou-se cefalotina em dose única. Conclusões: no grupo de baixo risco é desnecessária a antibioticoterapia profilática. A cefalosporina de 2ªgeração (cefoxitina teve eficácia semelhante a de 1ªgeração (cefalotina na prevenção a infecção puerperal, independente da posologia utilizada. A cefalotina parece ser eficaz na prevenção da infecção puerperal no grupo de alto risco.Purpose: to evaluate the efficacy of four antibiotic regimens in puerperal infection prophylaxis. Patients and Methods: According to vaginal or abdominal delivery and risk the presence or not of factors for puerperal infection, the patients were allocated to groups of low, medium and high risk for its development. Between March 1994 and June 1997 2,263 patients were evaluated. Results: the incidence of puerperal infection was different in each group. It was 3.1% in the low risk group, where no antibiotic was given, and 8.5% in the high risk

  11. Desempeño de las doulas en la atención de la mujer y su familia durante el periodo gestacional, parto y post parto en Costa Rica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Beatriz Rodríguez Fernández

    2015-12-01

    Full Text Available Introducción: La presente investigación representa un acercamiento al desempeño en la atención que brindan las doulas a la mujer embarazada y sus familias en Costa Rica en la cual se evidencia sus conocimientos respecto de sus intervenciones con las mujeres embarazadas y las familias.Métodos: Se realizó una investigación cualitativa, con un enfoque en el modelo planteado por Maxwell, cuyos objetivos fueron concretados con el método etnográfico. Para recolectar la información, se aplicó entrevistas a profundidad y observaciones, entre otros, a un grupo de siete doulas que laboran en Costa Rica de forma independiente.Resultado principal: todas las doulas en nuestro país se capacitan en prácticas alternativas para complementar su labor, así como prácticas e intervenciones que no forman parte del perfil “internacional”, ya que en Costa Rica no existe una entidad que regule dicha labor.Conclusión: el apoyo continuo a la mujer y su familia durante todo su embarazo, parto y postparto por una persona calificada que respete los principios éticos de su práctica, permite mejorar la experiencia del parto, motivo por el  que se debe sensibilizar a la población de enfermeros obstetras en cuanto a mejorar la calidad en la atención que se brinda a las mujeres embarazadas de modo que promueva el acompañamiento continuo.

  12. Critérios para seleção do intervalo RR no eletrocardiograma para quantificação da arritmia sinusal respiratória

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renata Rodrigues Teixeira de Castro

    2000-02-01

    Full Text Available O sistema nervoso autônomo (SNA sofre importantes adaptações ao treinamento físico aeróbico e alterações na sua função estão relacionadas à gênese e prognóstico de várias doenças. A variação da freqüência cardíaca em função da respiração constitui fenômeno natural no qual se baseia o teste da arritmia sinusal respiratória (ASR, utilizado para avaliar o funcionamento do ramo parassimpático do SNA sobre o sistema cardiovascular. Calcula-se a ASR através da razão entre o maior intervalo R-R do eletrocardiograma (ECG durante a expiração (E e o menor R-R na inspiração (I. Não existe, na literatura, padronização para escolha destes intervalos quando o ECG é registrado durante dois ciclos respiratórios consecutivos. O objetivo deste trabalho é comparar os métodos de escolha desses intervalos, indicando qual o critério que permite melhor avaliação da magnitude da ASR. Cinqüenta e cinco voluntários jovens foram submetidos a dois testes de ASR, sendo cada teste composto por dois ciclos respiratórios consecutivos. Foram então comparados os dois maiores índices E/I obtidos das seguintes maneiras: 1 E e I retirados do mesmo ciclo respiratório (intraciclo; 2 E e I retirados de qualquer um dos ciclos respiratórios (ciclo independente. Os índices E/I ciclo-independentes (1º teste = 1,49 ± 0,03; 2º teste = 1,44 ± 0,03 foram maiores do que os índices E/I obtidos intraciclo [1º teste = 1,44 ± 0,03; 2º teste = 1,41 ± 0,03 (P < 0,001]. Os índices E/I ciclo-independentes do 1º teste foram maiores do que os do 2º teste (P = 0,04. A utilização de intervalos E e I escolhidos de forma independente do ciclo respiratório onde ocorreram permitiu observação da máxima variação da atividade parassimpática, mostrando a máxima magnitude da ASR. Em adendo, os resultados sugerem uma acomodação do reflexo no 2º teste, tornando desnecessária a realização deste quando o 1º prosseguir sem intercorr

  13. Prevalência e fatores de risco associados à depressão pós-parto em um serviço de referência na cidade de João Pessoa - Paraíba

    OpenAIRE

    Lígia Vieira Correia, Andreia

    2006-01-01

    Depressão pós-parto (DPP) é uma das complicações mais comuns do período puerperal, afetando aproximadamente 10-20% das mulheres. Este transtorno representa um problema de saúde pública considerável que traz conseqüências para as mães e seus familiares. A finalidade deste trabalho foi investigar a prevalência da depressão pós-parto e identificar, entre as puérperas de um serviço de referência na cidade de João Pessoa, fatores de risco relacionados ao surgimento deste transtorno....

  14. Diástase dos músculos retoabdominais no puerpério imediato de primíparas e multíparas após o parto vaginal

    OpenAIRE

    Rett,Mariana Tirolli; Araújo,Fabiane Ramos de; Rocha,Isabela; Silva,Rosemery Augusta da

    2012-01-01

    O presente estudo comparou a diástase dos músculos retoabdominais (DMRA) supra-umbilical (SU) e infra-umbilical (IU) entre primíparas e multíparas, correlacionou com a paridade, idade materna, índice de massa corporal (IMC) e tempo de trabalho de parto (TTP). Foram incluídas 100 primíparas com idade de 21,0±4,4 anos e 100 multíparas com idade de 27,2±6,2 anos submetidas ao parto vaginal. A DMRA foi avaliada nos pontos 4,5 cm acima e abaixo da cicatriz umbilical com o paquímetro. Foram emprega...

  15. Randomized controlled clinical trial on two perineal trauma suture techniques in normal delivery Ensayo aleatorio clínico controlado para dos técnicas de sutura perineal en parto normal Ensaio clínico controlado aleatório sobre duas técnicas de sutura do trauma perineal no parto normal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sandra Ferreira Silva de Almeida

    2008-04-01

    , el que fue más frecuente en mujeres con sutura separada.O objetivo foi comparar a cicatrização e a dor perineal com a utilização das técnicas de sutura contínua e separada em mulheres com parto normal. Realizou-se estudo controlado aleatório, em centro de parto normal, em Itapecerica da Serra, São Paulo. Participaram 61 mulheres com episiotomia ou rotura perineal de segundo grau, alocadas em dois grupos, segundo a técnica de sutura contínua (n=31 ou separada (n=30. Os principais desfechos avaliados foram edema, equimose, hiperemia, secreção, deiscência, fibrose, freqüência e magnitude da dor (avaliada pela escala numérica de 1 a 10. Os dados foram coletados na internação e após a alta (quatro e 41 dias pós-parto. A cicatrização foi por primeira intenção em 100% dos casos, nas duas técnicas de sutura. Não houve diferença estatisticamente significante para a ocorrência de morbidades, exceto na dor perineal à palpação, com quatro dias de pós-parto, que foi mais freqüente entre as mulheres com sutura separada.

  16. Fatores maternos e neonatais associados ao mecônio no líquido amniótico em um centro de parto normal Factores maternos y neonatales asociados al meconio en el líquido amniótico en un centro de parto normal Meconium-stained amniotic fluid and maternal and neonatal factors associated

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ruth Hitomi Osava

    2012-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar a frequência e os fatores maternos e neonatais associados ao mecônio no líquido amniótico no parto. MÉTODOS: Estudo transversal com 2.441 nascimentos em um centro de parto normal hospitalar em São Paulo, SP, em março e abril de 2005. A associação entre mecônio no líquido amniótico e as variáveis independentes (idade materna, paridade, ter ou não cesariana prévia, idade gestacional, antecedentes obstétricos, uso de ocitocina no trabalho de parto, dilatação cervical na admissão, tipo do parto atual, peso do RN, índice de Apgar de 1º e 5º minutos de vida foi expressa como razão de prevalência. RESULTADOS: Verificou-se mecônio no líquido amniótico em 11,9% dos partos; 68,2% desses foram normais e 38,8%, cesarianas. O mecônio esteve associado a: primiparidade (RP = 1,49; IC95% 1,29;1,73, idade gestacional ≥ 41 semanas (RP = 5,05; IC95% 1,93;13,25, ocitocina no parto (RP = 1,83, IC95% 1,60;2,10, cesariana (RP = 2,65; IC95% 2,17;3,24 e índice de Apgar OBJETIVO: Analizar la frecuencia y los factores maternos y neonatales asociados al meconio en el líquido amniótico en el parto. MÉTODOS: Estudio transversal con 2.441 nacimientos en un centro de parto normal hospitalario en Sao Paulo, SP, en marzo y abril de 2005. La asociación entre meconio en el líquido amniótico y las variables independientes (edad materna, paridad, tener o no cesárea previa, edad de gestación, antecedentes obstétricos, uso de ocitocina en el trabajo de parto, dilatación cervical en la admisión, tipo de parto actual, peso del RN, índice de Apgar de 1º y 5º minutos de vida fue expresada como el cociente de prevalencia. RESULTADOS: Se verificó meconio en el líquido amniótico en 11,9% de los partos; 68,2% de estos fueron normales y 38,8%, con cesárea. El meconio estuvo asociado a: primiparidad (RP = 1,49; IC95% 1,29;1,73, edad de gestación ≥ 41 semanas (RP = 5,05; IC95% 1,93;13,25, ocitocina en el parto (RP = 1,83, IC

  17. Interpretando correctamente en salud pública estimaciones puntuales, intervalos de confianza y contrastes de hipótesis Accurate interpretation of point estimates, confidence intervals, and hypothesis tests in public health

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Manuel G Scotto

    2003-12-01

    Full Text Available El presente ensayo trata de aclarar algunos conceptos utilizados habitualmente en el campo de investigación de la salud pública, que en numerosas situaciones son interpretados de manera incorrecta. Entre ellos encontramos la estimación puntual, los intervalos de confianza, y los contrastes de hipótesis. Estableciendo un paralelismo entre estos tres conceptos, podemos observar cuáles son sus diferencias más importantes a la hora de ser interpretados, tanto desde el punto de vista del enfoque clásico como desde la óptica bayesiana.This essay reviews some statistical concepts frequently used in public health research that are commonly misinterpreted. These include point estimates, confidence intervals, and hypothesis tests. By comparing them using the classical and the Bayesian perspectives, their interpretation becomes clearer.

  18. O processo de parto e nascimento: visão das mulheres que posuem convênio saúde na perspectiva da fenomenologia social El proceso del parto y nacimiento: visión de las mujeres con convenio salud en la perspectiva de la fenomenología social The process of labor and birth: a view from woman who have private healthcare plans in a social phenomenology perspective

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Miriam Aparecida Barbosa Merighi

    2007-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Este estudo objetivou compreender o processo de parto e nascimento na perspectiva das mulheres que possuem convênio saúde. MÉTODOS: A partir das questões norteadoras: Como foi o processo de parto? Fale-me da assistência que recebeu. Foi como esperava?, analisou-se os dados segundo o referencial da Fenomenologia Social. RESULTADOS: Os resultados mostraram que essas mulheres puderam opinar sobre o tipo de parto, contar com a presença do marido na sala de parto e confiar no profissional que a assistiram. Para essas mulheres a experiência foi maravilhosa e gratificante. CONCLUSÕES: A vivência do processo de parto e nascimento, na perspectiva das mulheres que possuem convênio saúde difere dos sentimentos vivenciados pelas mulheres que não têm acesso a este tipo de atendimento. No entanto, independente do plano de saúde, não se pode negligenciar nem os direitos das usuárias, nem os deveres de uma assistência digna, que possa viabilizar o atendimento humanizado.OBJETIVO: En este estudio se tuvo como objetivo comprender el proceso del parto y nacimiento en la perspectiva de las mujeres con convenio salud. MÉTODOS: A partir de las preguntas norteadoras, ¿como fue el proceso del parto? Hábleme de la asistencia que recibió. Fue como esperaba?, se analizó los datos según el referencial de la Fenomenología Social. Resultados: Los resultados mostraron que esas mujeres pudieron opinar sobre el tipo de parto, contar con la presencia del marido en la sala de parto y confiar en el profesional que la asistieron. Para esas mujeres la experiencia fue maravillosa y gratificante. CONCLUSIONES: La vivencia del proceso del parto y nacimiento, en la perspectiva de las mujeres con convenio salud difiere de los sentimientos vivenciados por las mujeres que no tienen acceso a este tipo de atención. Entre tanto, independiente del plan de salud, no se puede negligenciar ni los derechos de las usuarias, ni los deberes de una asistencia digna

  19. Pain during the labor active phase: the effect of walking El dolor durante la fase activa del trabajo de parto: el efecto de deambulación A dor durante o trabalho de parto: o efeito da deambulação

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabiana Villela Mamede

    2007-12-01

    Full Text Available This study aimed to verify whether the distance walked is correlated with women's pain level throughout the active phase of labor. METHODOLOGY: We realized an analytic, quasi-experimental intervention study. Study participants were 80 primiparous parturient women, who were admitted during spontaneous labor, with 37-42 weeks, at the start of the active phase. DATA ANALYSIS: Spearman's correlation test. RESULTS: the parturient women walked an average distance of 1,624 meters, 63.09% of the active phase of labor and during an average time of five hours. Pain scores increase along with the advance in cervical dilatation. However, we only found a significant positive correlation when 5cm of dilatation had been reached, that is, the more distance the participants walked, the higher the pain scores they reached.La finalidad de este trabajo fue la de verificar la presencia de correlación entre la distancia deambulada y el nivel del dolor de la parturiente durante toda la fase activa del trabajo de parto. METODOLOGÍA: estudio analítico de intervención del tipo casi experimental. Participaron del estudio 80 parturientes primíparas, admitidas en trabajo de parto espontáneo, com 37-42 semanas, en el inicio de la fase activa. ANÁLISIS DE LOS DATOS: test de Correlación de Spearman. RESULTADOS: las participantes transcurrieron una distancia media de 1624 metros, 63,09% de la fase activa del trabajo de parto y en un tiempo promedio de 5 horas. Se verificó que la puntuación de los escores de dolor aumenta a medida que la dilatación cervical avance. Sin embargo, se encontró una correlación positiva significante sólo a los 5 cm. de dilatación, o sea, cuanto mayor los trayectos transcurridos, mayores fueron los escores de dolor alcanzados por las parturientes.O trabalho teve como objetivo verificar a presença de correlação entre a distância deambulada e os níveis de dor durante a fase ativa do trabalho de parto. METODOLOGIA: estudo analítico de

  20. Influência do consumo alimentar na gestação sobre a retenção de peso pós-parto

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Paula Bortoletto Martins

    2011-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a influência da alimentação durante a gestação sobre a retenção de peso pós-parto. MÉTODOS: Foram acompanhadas 82 gestantes adultas e saudáveis que iniciaram o pré-natal em serviço público de saúde no Município de São Paulo, SP, entre abril e junho de 2005. As medidas de peso e estatura foram aferidas na primeira entrevista (até 16 semanas de gestação e a medida de peso foi repetida em visita domiciliar 15 dias após o parto. O Recordatório de 24 horas foi usado para avaliar o consumo alimentar e foi aplicado nos três trimestres da gestação. Foi calculado o consumo médio de gordura saturada, fibras, açúcar adicionado, refrigerantes, alimentos processados, frutas, verduras e legumes, e a densidade energética da dieta. A retenção de peso foi obtida pela diferença entre a medida de peso pós-parto e a primeira medida realizada. A influência da alimentação sobre a retenção de peso pós-parto foi avaliada por meio de análise de regressão linear múltipla e foi realizado o teste para tendência linear. As variáveis utilizadas para ajuste do modelo foram: índice de massa corporal no início da gestação, estatura, renda familiar per capita, tabagismo, idade e escolaridade. RESULTADOS: O índice de massa corporal inicial médio foi de 24 kg/m² e a retenção média de peso foi de 1,9 kg. O aumento do consumo de gordura saturada (p = 0,005 e alimentos processados (p = 0,014 elevou de forma significativa a retenção de peso pós-parto, após ajuste pelas variáveis de controle. As demais variáveis de consumo alimentar não apresentaram relação significativa com a variável desfecho. CONCLUSÕES: O maior consumo de alimentos não saudáveis, como alimentos processados, e de gordura saturada influencia a elevação da retenção de peso pós-parto.

  1. El feto agresivo. Parto, formación de la persona y mito-historia en los Andes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Platt, Tristan

    2001-12-01

    Full Text Available Partiendo de un estudio etnográfico y lingüístico sobre la mortalidad materna en Bolivia, este trabajo etno-obstétrico trata de la concepción, la gestación y el parto en una comunidad quechua-hablante de Potosí. Analiza el paralelismo planteado entre la formación temprana de la persona y los orígenes mito-históricos de la sociedad. La sustancia pagana pre-hispánica fluye constantemente hacia una sociedad de conversos, dando realidad al concepto jurídico de “indio originario”. Se propone superar la oposición entre las interpretaciones “esencialistas” e “hibridistas” de la sociedad indígena, al mostrar que el “originario” necesariamente se construye por los comuneros como “esencial”, pero sin por eso negar su constante transformación histórica. Los ritos de separación del “feto agresivo” de la madre también plantean preguntas a los psicoanalistas sobre la influencia que pueden tener las experiencias perinatales sobre la formación individual en diferentes contextos históricos y culturales.

  2. O DISCURSO E A PRÁTICA DO PARTO HUMANIZADO DE ADOLESCENTES

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renata Cunha da Silva

    2013-01-01

    Full Text Available Este estudio descriptivo objetivó conocer las prácticas de atención al parto desarrolladas por los profesionales de salud en el cuidado de la mujer adolescente. Los datos fueron extraídos del banco de datos de la investigación “Atención humanizada al Parto de Adolescentes” referente al Municipio de Pelotas-RS, por medio de entrevistas semiestructuradas en el período de noviembre de 2008 a octubre de 2009. La población meta se constituyó de los profesionales de salud actuantes en el Centro Obstétrico de un hospital de enseñanza pública El análisis fue sistematizado a partir del Manual Asistencia al Parto Normal, de la Organización Mundial de la Salud, referente a las prácticas de atención al parto consideradas útiles, aquellas claramente perjudiciales y las frecuentemente utilizadas de forma inadecuada. Los resultados evidenciaron que prácticas útiles, como la intimidad y la privacidad, opción por el tipo de parto y el estímulo para amamantar, no son respetadas; como prácticas perjudiciales, se destacaron la posición de litotomía y el uso de la ocitocina. Cuanto a las prácticas inadecuadas, se destacaron la restricción alimentar y la utilización de la amniotomía. Se concluyó que las prácticas de atención al parto contempla parcialmente la Política de Humanización del Parto y Nacimiento.

  3. Effect of pelvic floor muscle training on labour and newborn outcomes: a randomized controlled trial Efeitos do treinamento da musculatura do assoalho pélvico sobre o parto e recém-nascido: estudo controlado randomizado

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Letícia A. R. Dias

    2011-12-01

    Full Text Available BACKGROUND: The use of the pelvic floor muscle training for urinary incontinence treatment is well established but little is known about its effects in labor and newborn outcomes. OBJECTIVES: To evaluate the effects of antenatal pelvic floor muscle training and strength in labor and newborn outcomes in low-income pregnant women. METHODS: This is a randomized controlled trial that recruited forty-two nulliparous healthy pregnant women aged between 18-36 years old and able to contract the pelvic floor muscles. The participants were included in the study with 20 weeks of gestational age and had their pelvic floor muscles measured by vaginal squeeze pressure. They were randomly allocated into two groups: training group and a non-intervention control group. Then, all participants had their labor and newborn outcomes evaluated through consultation of medical records by a blinded researcher. RESULTS: There were no statistically significant differences between the groups regarding gestational age at birth, type of labor, duration of the second stage of labor, total time of labor, prevalence of laceration, weight and size of the baby, and Apgar score. No correlation was observed between pelvic floor muscle strength and the second stage or the total length of labor. CONCLUSIONS: This randomized controlled trial did not find any effect of pelvic floor muscle training or pelvic floor muscle strength on labor and newborn outcomes.CONTEXTUALIZAÇÃO: O treinamento da musculatura do assoalho pélvico para tratamento da incontinência urinária é bem estabelecida, mas pouco se sabe sobre seus efeitos sobre o parto e o recém-nascido. OBJETIVOS: Avaliar se os desfechos do parto e os resultados dos recém-nascidos são influenciados pelo treinamento e força da musculatura do assoalho pélvico realizados por gestantes de baixa renda. MÉTODOS: Trata-se de um ensaio clínico randomizado que incluiu 42 gestantes nulíparas de baixo risco, com idade entre 18 e 36

  4. Parto prematuro de adolescentes: influência de fatores sociodemográficos e reprodutivos, Espírito Santo, 2007 Parto prematuro en adolescentes: la influencia de variables sociodemográficas y reproductivas, espírito santo, 2007 Premature childbirth in adolescents: influences of sociodemographic and reproductive factors, espírito santo, 2007

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Priscilla Rocha Araújo Nader

    2010-06-01

    Full Text Available A gravidez na adolescência é um problema de saúde pública, podendo trazer consequências negativas para a adolescente, sua família e para o concepto/recém-nascido. Objetivos: Identificar diferenças entre as características sociodemográficas e reprodutivas das mães adolescentes com parto a termo e com parto pré-termo, no Espírito Santo em 2007. Metodologia: Estudo retrospectivo quantitativo. Os dados foram coletados no Sistema de Informação de Nascidos Vivos, sendo realizada análise descritiva de 9.841 Declarações de Nascidos Vivos. A relação entre a variável dependente (termo e fatores foi testada pelo teste exato de Fisher, com á=0,05. Os resultados evidenciaram que as diferenças nas características das mães adolescentes com parto a termo e pré-termo ocorreram nas seguintes variáveis: idade entre 10 a 14 anos (p=0,016, estado civil casada (p=0,014, número de consultas pré-natais quando insuficientes (p=0,000 e gestação dupla (p=0,000. Houve maior incidência de partos prematuros no Sistema Único de Saúde (p=0,000.El embarazo en la adolescência es un problema de salud pública, que puede traer consecuencias negativas para la adolescente, su familia y para el concepto/recién-nacido. Objetivos: Identificar las diferencias entre las características sociodemográficas y reproductivas de las madres adolescentes con parto a término y con parto pre-término, en Espírito Santo en 2007. Metodología: Estudio retrospectivo cuantitativo. Los datos fueron recolectados en el Sistema de Información de Nascidos Vivos, siendo realizado un análisis descriptivo de 9.841 declaraciones de nacidos vivos. La relación entre la variable dependiente (término y factores fue probada mediante la prueba de probabilidad exacta de Fisher, con á=0,05. Los resultados evidenciaron que las diferencias en las características de las madres adolescentes con parto a término y parto pre-término se dieron bajo las siguientes variables: edad

  5. Humanização da assistência ao parto no Brasil: os muitos sentidos de um movimento Humanization of childbirth care in Brazil: the numerous meanings of a movement

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carmen Simone Grilo Diniz

    2005-09-01

    Full Text Available Este texto recupera as origens do termo humanização do parto, o reconhecimento da sua assistência ao parto como evento desumanizante, a crítica técnica à assistência, o surgimento de um movimento nacional e internacional de humanização do parto, as políticas de humanização do parto desenvolvidas no Brasil, e as relações entre a crítica à assistência e a criação do movimento pela medicina baseada em evidências (MBE. Com base em um estudo de duas maternidades "humanizadas" do SUS, discute os diferentes (às vezes contraditórios sentidos do termo, e seu alcance em questionar a cultura técnico-assistencial, a anatomia, a fisiologia femininas, e as relações de gênero. Entre os diferentes sentidos estão: o uso da MBE, o respeito aos direitos (reprodutivos e sexuais, ao acesso universal e ao consumo de tecnologia, o tratamento acolhedor e respeitoso, o manejo da dor do parto e a prevenção da dor iatrogênica, novas atribuições profissionais e disputas corporativas; a relação custo-benefício etc. Longe de querer achar a "humanização certa", busca-se compreender nos diferentes sentidos um diálogo, tenso e produtivo, entre atores sociais em disputa.This paper recovers the origins of the term "humanization of childbirth", the recognition of birth care as a dehumanizing event, the technical criticism to the organization of care, the emergence of a national and international movement, and the related public policies in Brazil. It explores the relationships between the critique to maternal care and the emergence of Evidence-Based Medicine (EBM. Based on a research about "humanized maternity hospitals" in the Brazilian Public Health System, the paper explores the understanding of "humanization", describing the different (often contradictory meanings, its possibilities to change the technical culture, the understanding of women’s anatomy and physiology, and gender relations. Those meanings are: the use of EBM, respect for

  6. Tamaños de muestra para estimar prevalencia animal que aseguran cortos intervalos de confianza

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Osval Antonio Montesinos López

    2011-01-01

    Full Text Available El cálculo del tamaño de las muestras juega un rol importante en el diseño óptimo de experimentos veterinarios y agrícolas para la estimación de proporciones de una población, incluyendo la prevalencia de enfermedades. Esta investigación propone un método de tres pasos para determinar el tamaño de muestra exacto para datos binomiales que asegura precisión en la estimación de la proporción, y muestra numéricamente el grado de subestimación que produce el uso de la fórmula tradicional (aproximación normal para el cálculo del tamaño de la muestra. El paso 1 obtiene un tamaño de muestra que garantiza que la anchura relativa completa del intervalo de confianza ( r w es más estrecha que la amplitud deseada (re, el paso 2 incrementa iterativamente el tamaño de muestra hasta que r w es mas pequeño que la amplitud deseada (re con un grado de certeza especificado (w y el paso 3 obtiene el número de conglomerados requeridos. Datos simulados fueron creados para ilustrar el método propuesto, además se presenta un cuadro con escenarios útiles para los investigadores. Un programa en el paquete estadístico R es dado y explicado, de tal manera que reproduce los resultados de una manera sencilla.

  7. Efeito da escopolamina sobre o desenvolvimento de Chrysomya putoria (Diptera: Calliphoridae e sua importância para a estimativa do intervalo pós-morte

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patricia Jacqueline Thyssen

    2011-09-01

    Full Text Available A presença de drogas nos tecidos de um corpo pode afetar o desenvolvimento de larvas de moscas necrófagas que são encontradas alimentando-se neste substrato. Essa observação já foi constatada para várias drogas tais como heroína, cocaína, certos analgésicos, e compostos anfetamínicos e benzodiazepínicos, entre outras. Assim, neste estudo investigamos o efeito da escopolamina – uma droga amplamente usada como analgésico – sobre a taxa de desenvolvimento de larvas de Chrysomya putoria (Diptera: Calliphoridae, visando também avaliar e quantificar as conseqüências de tal interferência para a estimativa do intervalo pós-morte (IPM. Os resultados aqui obtidos mostram claramente que a escopolamina afetou significativamente a taxa de desenvolvimento de imaturos de C. putoria, quando presente em seu substrato alimentar. Tendo em vista que o IPM em muitos casos é calculado levando em consideração o peso ou a idade dos imaturos coletados em um corpo, a não consideração deste fator de interferência negativa pode conseqüentemente levar a uma subestimativa do tempo de morte em até 48 horas, em certos casos.

  8. Diabetes nos partos hospitalares em sistemas de saude publico e privado

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carla Regina de Souza Teixeira

    2013-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar tendências da presença do diagnóstico de diabetes mellitus em partos hospitalares. MÉTODOS: Estudo transversal com dados analisados de partos hospitalares de gestantes residentes em Ribeirão Preto, SP, no período de 1998 a 2007. Os dados foram obtidos no Centro de Processamento de Dados Hospitalares da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo, referentes à categoria diabetes mellitus na gravidez. Os dados analisados foram: faixa etária, tipo de parto (vaginal ou cirúrgico, duração da internação e tipo de assistência pública (SUS ou privada (saúde suplementar e particular. RESULTADOS: Houve aumento de 3,9 vezes na proporção de partos com menção de diabetes em relação ao total de partos (p = 0,01. Esse aumento foi de 4,5 vezes nos partos pela assistência pública (p = 0,01 e de 3 vezes na assistência privada (p = 0,01. Observou-se aumento da presença de diabetes em todas as faixas etárias, proporcionalmente mais acentuado nas mais baixas. A frequência de parto cirúrgico nas gestações com menção de diabetes diminuiu de 64,5% em 1998/1999 para 39,8% em 2006/2007 na assistência pública; e na privada a frequência se manteve sempre acima de 90%. CONCLUSÕES: Houve tendência crescente da presença de diabetes mellitus nos partos hospitalares ao longo dos biênios, apesar da tendência de diminuição do número de partos e aumento da população feminina em idade reprodutiva residente em Ribeirão Preto. Essa tendência necessita não só de sua identificação e tratamento, mas também de intervenções pré-gestacionais que possam revertê-la.

  9. Bola do nascimento: recurso fisioterapêutico no trabalho de parto

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Melissa Medeiros Braz

    2014-12-01

    Full Text Available Objetivo: investigar a influência de exercícios na bola do nascimento na vivência do parto normal. Método: foi realizada uma pesquisa experimental com 10 parturientes. Foram avaliadas a dor, sinais vitais maternos e a duração do trabalho de parto. Resultados: a intensidade da dor inicial foi menor no grupo experimental (7,2 ± 1,9, que no grupo controle (8,4 ± 2,07. Na avaliação final, a intensidade de dor do grupo experimental foi 9,0 ± 0,7 e do grupo controle 9,8 ± 0,4. A duração do trabalho de parto foi semelhante para os dois grupos. A frequência cardíaca do grupo experimental diminuiu ao longo do trabalho de parto, enquanto do grupo controle aumentou. A frequência respiratória não apresentou um padrão para o grupo experimental e diminuiu para o grupo controle. Considerações finais: a bola do nascimento mostrou-se um recurso eficaz para o alívio da dor no trabalho de parto.

  10. Histórias de parto e a ultrassonografia como marco narrativo no Rio de Janeiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Claudia Barcellos Rezende

    Full Text Available Resumo Em minha pesquisa sobre narrativas de parto de mulheres de camadas médias no Rio de Janeiro, figuram muitos profissionais de saúde, bem como exames de ultrassonografia que se tornam pontos de inflexão da experiência de gravidez e parto. Neste artigo, busco entender o significado dado a estas menções no contexto das narrativas de experiências da medicalização da gravidez e parto destas mulheres. Entendo estas histórias como formas de expressão não apenas como um meio de expor a experiência, mas também como modos de estruturá-la. Proponho ver estas histórias como maneiras de articular biografias a significados culturais de pessoa, corpo, gênero e maternidade, dando, portanto, sentidos específicos às experiências de parto destas mulheres. Elas oferecem também uma compreensão da experiência do sistema médico, mostrando como as mulheres negociam sentidos de práticas e diagnósticos ao longo de suas gestações e partos.

  11. Modeling the effect of the age of dam at calving on the weaning weight of Charolais-Zebu crossbred calves Modelagem do efeito da idade da vaca ao parto sobre o peso à desmama de bezerros mestiços Charolês-Zebu

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fábio Luiz Buranelo Toral

    2009-07-01

    Full Text Available The objective of this study was to evaluate alternatives for modeling the age of dam at calving (AOD effect on the weaning weight of Charolais-Zebu crossbred calves. Data from 56,965 calves were analyzed, using statistical models considering the fixed effects of the contemporary groups, sire and dam genetic groups, and AOD. The AOD effect was fitted to models using annual age classes, and ordinary quadratic to quintic-ordered polynomials (OP or segmented polynomials (SP with two, three, four, six and twelve evenly spaced intervals. In the case of segmented polynomials, general linear and quadratic effects and only one quadratic additional term from each knot were considered. The AOD effects were nested within sex of calf in all cases. According to the fitting criteria, the F-test for the reduction of residual sum of squares, coefficient of determination, residual sum of squares and mean of squared residuals, the three interval segmented polynomial (two knots fitted to the data as well as the more complex polynomials.Este trabalho foi realizado com o objetivo de avaliar alternativas para a modelagem do efeito da idade da vaca ao parto sobre o peso à desmama de bezerros mestiços Charolês-Zebu. Os dados de 56.965 bezerros foram analisados por meio de modelos estatísticos, considerando os efeitos fixos de grupo de contemporâneos, grupos genéticos do touro e da vaca e da idade da vaca ao parto. O efeito da idade da vaca ao parto foi modelado utilizando-se classes anuais de idade, polinômios ordinários (PO de ordem quadrática até quíntica, ou polinômios segmentados com 2, 3, 4, 6 ou 12 intervalos do mesmo tamanho. No caso dos polinômios segmentados, consideraram-se os efeitos linear e quadrático gerais e apenas o quadrático a partir de cada nó. Os efeitos da idade da vaca ao parto foram considerados aninhados em sexo do bezerro em todos os casos. De acordo com os critérios de ajuste utilizados, ou seja, o teste F para diferenças de

  12. Avaliação do desempenho ao primeiro parto de fêmeas Nelore e F1 First calving performance evaluation of Nellore and F1 cows

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciele Cristina Pelicioni

    1999-08-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi comparar o desempenho ao primeiro parto de fêmeas Nelore e mestiças F1. Os dados usados são referentes a 741 partos de fêmeas Nelore e F1, nascidas do acasalamento de vacas Nelore com touros das raças Aberdeen Angus, Brangus (pelagens preta e vermelha, Canchim, Nelore, Gelbvieh e Simental, nascidas entre 1989 e 1993. As informações referentes a 566 bezerros nascidos entre 1991 e 1995, do acasalamento dessas fêmeas com touros Aberdeen Angus, Brangus, Nelore, Simental, Gelbvieh, Charolês, Guzerá e Canchim foram também incluídas na análise. As características estudadas foram idade ao primeiro parto (IPP das vacas e ganho médio diário de seus bezerros no período pré-desmama (GMD. As características foram analisadas pelo método dos quadrados mínimos, usando-se modelos fixos que incluíram os efeitos IPP: grupo contemporâneo (GC, grupo genético da vaca (GGV, classe de peso à desmama (CP e interação GGV e CP e GMD: GGV, GC, grupo genético do bezerro dentro de grupo genético da vaca (GGB[GGV]. As covariáveis idade da vaca ao parto (linear e idade do bezerro à desmama (linear foram incluídas no modelo. A comparação entre as médias dos vários grupos genéticos foi feita por meio de contrastes ortogonais. As fêmeas F1 dos grupos 1/2 Angus 1/2 Nelore e 1/2 Brangus Vermelho 1/2 Nelore foram mais precoces ao primeiro parto (29,7 e 30,3 meses, respectivamente que as dos demais grupos genéticos. As vacas Nelore e F1 não diferiram quanto ao desempenho pré-desmama de seus bezerros.The objetive of this study was to compare the first calving performance of Nellore and F1 crossbred cows. Data used in the study came from 741 calving of Nellore and F1 cows born from the matting of Nellore cows with sires of the breeds Aberdeen Angus, Brangus (black and red, Canchin, Nellore, Gelbvieh and Simental born from 1989 to 1993. The information about 566 calves born from 1991 to 1995, from the matting of these

  13. Mortalidade infantil e acesso geográfico ao parto nos municípios brasileiros Mortalidad infantil y acceso geográfico al parto en los municipios brasileños Infant mortality and geographic access to childbirth in Brazilian municipalities

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Wanessa da Silva de Almeida

    2012-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar o acesso geográfico ao parto hospitalar nos municípios brasileiros. MÉTODOS: Foram analisadas informações de óbitos e nascimentos quanto à sua adequação para o cálculo do coeficiente de mortalidade infantil no período de 2005 a 2007 para os 5.564 municípios brasileiros. O acesso geográfico foi expresso por indicadores de deslocamento, oferta e acesso aos serviços de saúde. A associação entre o acesso geográfico ao parto e o coeficiente de mortalidade infantil em municípios com adequação de suas informações vitais foi avaliada por meio de regressão múltipla. RESULTADOS: Dentre os municípios analisados, 56% apresentaram adequação das informações vitais, correspondendo a 72% da população brasileira. O deslocamento geográfico ao parto mostrou-se inversamente associado ao porte populacional, à renda per capita, e à mortalidade infantil, mesmo controlado por fatores demográficos e socioeconômicos. CONCLUSÕES: Embora tenham sido desenvolvidas estratégias importantes para a melhoria da qualidade do atendimento às gestantes no Brasil, as ações para garantir o acesso igualitário à assistência ao parto ainda são insuficientes. O maior deslocamento intermunicipal para o parto se mostrou como um fator de risco para a mortalidade infantil, aliado à desigualdade de oferta de serviços qualificados e à falta de integração com a atenção básica de saúde.OBJETIVO: Analizar el acceso geográfico al parto hospitalario en los municipios brasileños. MÉTODOS: Se analizaron informaciones de óbitos y nacimientos con relación a su adecuación para el cálculo del coeficiente de mortalidad infantil en el período de 2005 a 2007 para los 5.564 municipios brasileños. El acceso geográfico fue expresado por indicadores de desplazamiento y oferta y acceso a los servicios de salud. Se evaluó la asociación entre el acceso geográfico al parto y el coeficiente de mortalidad infantil en municipios con

  14. Depressão pós-parto: fatores de risco e repercussões no desenvolvimento infantil Post-partum depression: risk factors and repercussions in infant development

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eluisa Bordin Schmidt

    2005-06-01

    Full Text Available A depressão pós-parto é uma condição que afeta 10% a 15% das mulheres no pós-parto. Este quadro tem seu início em algum momento durante o primeiro ano do pós-parto, havendo maior incidência entre a quarta e oitava semana após o parto. Geralmente se manifesta por um conjunto de sintomas como irritabilidade, choro freqüente, sentimentos de desamparo e desesperança, falta de energia e motivação, desinteresse sexual, transtornos alimentares e do sono, ansiedade, sentimentos de incapacidade de lidar com novas solicitações. O objetivo deste artigo é apresentar uma revisão bibliográfica acerca da depressão pós-parto. São abordados aspectos conceituais, epidemiológicos, fatores de risco associados a sua ocorrência e algumas repercussões da depressão pós-parto na relação materno-infantil e no desenvolvimento da criança. O conhecimento destes aspectos reveste-se de grande importância considerando as conseqüências prejudiciais às mães bem como ao desenvolvimento cognitivo, social e emocional de suas crianças.The post-partum depression is a condition that affects 10 to 15% of the women in the post-partum period. These symptoms begin at some moment during the first year after delivery, occurring more frequently between the fourth and eighth week after parturition. It is generally expressed through a complexity of symptoms where there is a presence of irritability, frequent crying, feelings of abandonment and hopelessness, lack of energy and motivation, lack of sexual interest, disturbances in sleep and eating patterns, anxiety, and feelings of not being able to cope with new demands. The objective of this paper is to present a bibliographical revision regarding the post-partum depression. Conceptual and epidemiological aspects, risk factors associated with their occurrence as well as a few repercussions of the post-partum depression in the mother-child relation, and the development of the infant will be broached. The

  15. Estudo do trabalho de parto (períodos de dilatação, expulsão, dequitação e de Greenberg em pacientes obesas no Conjunto Hospitalar de Sorocaba: aspectos maternos, fetais e perinatais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    André de Araújo Rozas

    2011-03-01

    Full Text Available Objetivo: analisar em parturientes obesas os períodos do trabalho de parto (dilatação, expulsão, dequitação e de Greenberg e as repercussões maternas, fetais e perinatais. Método: estudo prospectivo de partos de pacientes obesas, comparando-as com um grupo de não obesas, identificadas através do Índice de Massa Corporal (IMC, assistidos no Conjunto Hospitalar (CHS e Hospital Santa Lucinda (HLS de Sorocaba de março de 2008 a janeiro de 2009. As variáveis pesquisadas foram as fases do parto (dilatação, expulsão, dequitação e de Greenberg, tipos de partos, intercorrências maternas, características e evolução de seus recém-nascidos no berçário. A análise estatística incluiu testes de diferenças entre proporções e de correlação. Resultados: foram estudadas 40 pacientes obesas, as quais tinham maior proporção em: idade de 20 - 29 anos (62,50%, casadas (45,00%, cor branca (57,50%, escolaridade de segundo grau incompleto (42,50%, provenientes de Sorocaba em 87,50%. A média de acompanhamento pré-natal foram nove consultas, provindas de Sorocaba (90,00%, maior proporção de multiparidade (60,00% e partos vaginais (77,50%. As fases de evolução do trabalho de parto (dilatação, expulsão, dequitação e de Greenberg foram similares em duração nos grupos de estudo e o de controle. Os recém-nascidos das obesas também não tiveram valores estatísticos significantes, em relação aos índices de vitalidade, sexo, peso e evolução em berçário, quando comparados aos parâmetros similares em recém-nascidos de pacientes não obesas. Conclusões: apesar citarem-se as possibilidades de várias patologias em parturientes obesas e em seus recém-nascidos, nesta pesquisa tais fatos não foram estatisticamente significantes quando comparados a um grupo de pacientes não obesas. Trabalho da Iniciação Cientifica - fomento através do CNPq.

  16. Influência do consumo alimentar na gestação sobre a retenção de peso pós-parto Influencia del consumo alimentario en la gestación sobre la retención de peso post-parto Influence of dietary intake during gestation on postpartum weight retention

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Paula Bortoletto Martins

    2011-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a influência da alimentação durante a gestação sobre a retenção de peso pós-parto. MÉTODOS: Foram acompanhadas 82 gestantes adultas e saudáveis que iniciaram o pré-natal em serviço público de saúde no Município de São Paulo, SP, entre abril e junho de 2005. As medidas de peso e estatura foram aferidas na primeira entrevista (até 16 semanas de gestação e a medida de peso foi repetida em visita domiciliar 15 dias após o parto. O Recordatório de 24 horas foi usado para avaliar o consumo alimentar e foi aplicado nos três trimestres da gestação. Foi calculado o consumo médio de gordura saturada, fibras, açúcar adicionado, refrigerantes, alimentos processados, frutas, verduras e legumes, e a densidade energética da dieta. A retenção de peso foi obtida pela diferença entre a medida de peso pós-parto e a primeira medida realizada. A influência da alimentação sobre a retenção de peso pós-parto foi avaliada por meio de análise de regressão linear múltipla e foi realizado o teste para tendência linear. As variáveis utilizadas para ajuste do modelo foram: índice de massa corporal no início da gestação, estatura, renda familiar per capita, tabagismo, idade e escolaridade. RESULTADOS: O índice de massa corporal inicial médio foi de 24 kg/m² e a retenção média de peso foi de 1,9 kg. O aumento do consumo de gordura saturada (p = 0,005 e alimentos processados (p = 0,014 elevou de forma significativa a retenção de peso pós-parto, após ajuste pelas variáveis de controle. As demais variáveis de consumo alimentar não apresentaram relação significativa com a variável desfecho. CONCLUSÕES: O maior consumo de alimentos não saudáveis, como alimentos processados, e de gordura saturada influencia a elevação da retenção de peso pós-parto.OBJETIVO: Evaluar la influencia de la alimentación durante la gestación sobre la retención de peso post-parto. MÉTODOS: Fueron acompañadas 82

  17. Colonização materna e neonatal por estreptococo do grupo B em situações de ruptura pré-termo de membranas e no trabalho de parto prematuro Group B streptococcus maternal and neonatal colonization in preterm rupture of membranes and preterm labor

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcelo Luís Nomura

    2009-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: identificar a prevalência e os fatores de risco de colonização materna por estreptococo do grupo B (EGB em gestantes com trabalho de parto prematuro (TPP e/ou ruptura prematura pré-termo de membranas (RPM. MÉTODOS: foram colhidos dois swabs anais e dois swabs vaginais de 203 gestantes com diagnóstico de TPP ou RPM entre 22 e 36 semanas completas de gestação atendidas no serviço em um período de um ano. Foram excluídas as gestantes que deram entrada com parto iminente. Um swab de cada local foi colocado em meio de transporte, sendo posteriormente enviados para cultura em placas de ágar-sangue, os outros dois foram incubados por 24 horas em meio de Todd-Hewitt para posterior semeadura em placas de ágar-sangue. Foram analisados fatores de risco com o uso do teste do qui-quadrado, t de Student (p ajustado a 0,05 e intervalo de confiança 95% e de regressão logística. Foram analisadas as seguintes variáveis: idade, raça, paridade e escolaridade maternas; resultados das culturas por local de coleta e tipo de cultura; diagnóstico de admissão; idade gestacional de admissão; bacteriúria assintomática; idade gestacional no parto; tipo de parto; taxa de colonização neonatal por EGB e resultado neonatal imediato. RESULTADOS: a prevalência de colonização materna por EGB foi de 27,6% (56 gestantes. As taxas de colonização segundo as complicações da gestação foram 30% para RPM, 25,2% para TPP e 17,8% para TPP + RPM. As variáveis "raça branca", "baixo nível de escolaridade" e "bacteriúria" foram associadas a maiores taxas de colonização na análise univariada. A presença de infecção urinária foi a única variável significativamente associada à colonização materna na análise multivariada. A taxa de detecção do estreptococo do grupo B foi significativamente maior com o uso do meio seletivo e com a associação de coleta de culturas anais e vaginais. A taxa de colonização neonatal foi de 3,1%. Ocorreram

  18. Avaliando diagnósticos e intervenções de enfermagem no trabalho de parto e na gestação de risco

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Lúcia de Medeiros

    Full Text Available RESUMO Objetivo Avaliar o uso de diagnósticos e intervenções de enfermagem propostos para mulheres em trabalho de parto e gestantes de alto risco. Método Estudo descritivo, documental e retrospectivo realizado com 1000 prontuários, através de checklist, durante julho a setembro de 2014, em uma maternidade da Paraíba. Analisaram-se as medidas descritivas e a relação comparativa entre os diagnósticos e as intervenções de enfermagem utilizadas no serviço por meio da NANDA-Internacional e da Classificação das Intervenções de Enfermagem. Resultados Os diagnósticos mais evidenciados no trabalho de parto: dor aguda (62%, fadiga (24,7% e ansiedade (22%. Para as gestantes de alto risco: sono e repouso prejudicados (100%, risco de infecção (81,8 e ansiedade (77,2%. As intervenções foram: lavar as mãos (80,8%, identificar e acomodar no leito (78%. Conclusão Os diagnósticos expressam as necessidades na parturição e nas alterações psicobiológicas na gestação de risco. As intervenções estão desarticuladas dos diagnósticos, necessitando de revisões e mudanças.

  19. Aspectos epidemiológicos da depressão pós-parto em amostra brasileira Postpartum depression epidemiology in a Brazilian sample

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gustavo Enrico Cabral Ruschi

    2007-12-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: Sintomas psiquiátricos são freqüentes após o parto, momento marcado por alterações hormonais e mudanças no caráter social, na organização familiar e na identidade feminina. A Escala de Depressão Pós-Parto de Edimburgo (EPDS é instrumento de auto-avaliação para rastrear depressão após a gestação, nem sempre adequadamente reconhecida pelos profissionais de saúde. O objetivo deste estudo foi avaliar prevalência de depressão pós-parto em mulheres atendidas em unidades básicas de saúde. MÉTODOS: Estudo transversal com aplicação da EPDS em 292 mulheres que se encontravam entre 31 e 180 dias após o parto. Adotamos o ponto de corte INTRODUCTION: Psychiatric symptoms are frequent in the postpartum period, a moment marked by hormonal alterations and changes in social character, family organization and women's identity. The Edinburgh Postnatal Depression Scale (EPDS is a self-reporting instrument to track depression after pregnancy, unfortunately not always properly supported by health care professionals. This study aimed at verifying the prevalence of postpartum depression in women receiving care at basic health units. METHODS: Cross-sectional study including 292 women in the postpartum period (from day 31 to 180 who answered the EPDS questionnaire. Cut-off point < 12 for EPDS depression was used. RESULTS: A total of 115 women (39.4% had scores < 12 in EPDS, classified as depressive; 177 (60.6% had scores < 12 and were not considered depressive. Women with lower education, higher number of pregnancies, higher parity, higher number of live children and shortest relationship time had more depression. CONCLUSION: High frequency of postpartum depression is associated with social factors, which shows the importance of health care professionals in early detection of depression, with the aid of instruments such as EPDS, due to its efficacy and practicability.

  20. A prova de trabalho de parto aumenta a morbidade materna e neonatal em primíparas com uma cesárea anterior?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Matias Jacinta Pereira

    2003-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: comparar a morbidade materna e os resultados neonatais, bem como algumas características clínicas e epidemiológicas de primíparas com uma cesárea anterior, segundo a realização de cesárea eletiva (CE ou prova de trabalho de parto (PTP no segundo parto. PACIENTES E MÉTODO: trata-se de estudo de corte transversal retrospectivo do segundo parto em mulheres com uma cesárea prévia, atendidas no Centro de Atenção Integral à Saúde da Mulher (CAISM/UNICAMP, no período de 1986 a 1998. Os dados foram obtidos de 2068 prontuários clínicos que correspondiam a 322 casos de CE e 1746 de PTP. A análise dos dados foi realizada pela distribuição percentual dos casos de CE e PTP e das categorias das variáveis nestes dois grupos, com a diferença estatística avaliada pelos testes chi2, chi2 para tendência (chi2 trend e exato de Fisher, com nível de significância de 95%. RESULTADO: a indicação de CE diminuiu progressivamente com o tempo, passando de 22,6% em 1986 para 5% em 1998. A morbidade materna foi semelhante e reduzida nos dois grupos (1,24 e 1,21%. Não houve diferença significativa entre os grupos quanto ao índice de Apgar e natimortalidade, mas notou-se proporção significativamente maior de RN prematuros e com peso 4.000 g no grupo submetido à CE. A prevalência de CE foi significativamente maior em mulheres com idade >35 anos, história pregressa ou atual de síndrome hipertensiva, diabetes ou primeiro filho morto, bem como com alterações no volume do líquido amniótico. CONCLUSÕES: A realização da PTP aumentou progressivamente ao longo dos treze anos, sem aumento na morbidade materna e/ou neonatal. As indicações de CE obedeceram critério médico relacionado às condições clínicas maternas e/ou fetais desfavoráveis ao parto vaginal.

  1. La actividad física, el entrenamiento continuo e intervalo: una solución para la salud

    OpenAIRE

    Ricardo Ortiz-Pulido; Julio A. Gómez-Figueroa

    2017-01-01

    El propósito de este documento fue reportar los beneficios de la actividad física, entrenamientointervalo y entrenamiento continuo moderado en adultos sedentarios y físicamente activos.La actividad física involucra cualquier movimiento corporal que produce un aumento en elgasto energético en el metabolismo, mientras que el entrenamiento intervalo y entrenamientocontinuo moderado puede ser utilizado para controlar el programa de cargas de entrenamiento(intensidad, volumen y pausa). Los benefic...

  2. Modelos de assistência ao parto e taxa de cesárea em diferentes países Modelos de asistencia al parto en diferentes países y tasa de cesárea Models of childbirth care and cesarean rates in different countries

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciano Eduardo Maluf Patah

    2011-02-01

    Full Text Available Revisão bibliográfica que descreve as taxas de cesárea em diferentes países e os modelos de atenção ao parto de acordo com o uso de tecnologias assistenciais. Foram analisados 60 estudos publicados entre 1999 e 2010, obtidos nas bases de dados da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior e ProQuest. O modelo de assistência obstétrica praticado no país baseia-se na relação médico-paciente, ao grau de utilização de tecnologias e à realização do parto cesáreo.Revisión bibliográfica que describe las tasas de cesárea en diferentes países y los modelos de atención al parto de acuerdo con el uso de tecnologías asistenciales. Se analizaron 60 estudios publicados entre 1999 y 2010, obtenidos en las bases de datos de la Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior do Brasil y ProQuest. El modelo de asistencia obstétrica practicado en Brasil es embasado en la relación médico-paciente, con el grado de utilización de tecnologías y con la realización del parto por cesárea.The paper reports the results of a literature review on cesarean rates and models of childbirth care in different countries according to their utilization of technology. There were reviewed 60 studies published between 1999 and 2010 retrieved from the Brazilian Federal Agency for Support and Evaluation of Graduate Education (CAPES and ProQuest databases. The Brazilian model of childbirth care relies on the physician-patient relationship, level of technology utilization and cesarean delivery.

  3. Casa de parto: simbologia e princípios assistenciais Casa de parto: simbología y principios de asistencia Birth center: symbols and assistance -related principles

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiza Akiko Komura Hoga

    2004-10-01

    Full Text Available A primeira Casa de Parto vinculada ao Programa Saúde da Família possui simbologia específica. Objetivou-se identificar os símbolos que permeiam as idéias, crenças, valores e práticas e os princípios que orientam a assistência prestada na Casa de Parto. O método de pesquisa foi a etnografia e a história oral temática, o recurso empregado para entrevistar enfermeiras obstétricas da Casa. Resultados: A Casa possui o valor simbólico da inovação da assistência ao parto e o cuidado humanizado à gestante é o princípio que norteia as práticas. Considerações finais: A simbologia da Casa e as práticas de cuidado desenvolvidas constituem referência às demais Casas de parto em proposição no Brasil e devem ser conhecidas pelas enfermeiras obstétricas.La primera Casa de Parto vinculada al Programa de Salud de la Familia posee simbología específica. El Objetivo de esta encuesta es identificar los símbolos que atraviesan las ideas, creencias, valores y prácticas así como los principios que orientan la asistencia de la casa de parto. El método de la encuesta fue la etnografía y la historia oral temática fue el recurso usado para entrevistar a enfermeras obstétricas de esta Casa. Resultados: La Casa posee el valor simbólico de la innovación de la asistencia al parto y el cuidado humanizado es el principio que orienta las prácticas de enfermería. Consideraciones finales: La simbología de la Casa y las prácticas de asistencia al parto desarrolladas en esta casa constituyen referencia de las demás casas de parto en Brasil y las deben conocer las enfermeras obstétricas.The first Birth Center of the Family Health Program has specific symbols. The purpose was the identification of symbols that permeate the ideas, beliefs, values, practices, and principles that guide the assistance given at the Birth Center. Ethnography was the research method; thematic oral history was the resource employed to interview obstetric nurses in

  4. Creencias y costumbres relacionadas con el embarazo, parto y puerperio en comunidades nativas Awajun y Wampis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Armando Medina I

    2006-01-01

    Full Text Available Objetivo: Nuestro país, por su riqueza cultural, presenta diversas concepciones en torno al embarazo, parto y puerperio. Las costumbres y los procesos de embarazo, parto y puerperio, de la mujer Awajun (Aguaruna o Wampis (Huambisa, en el contexto cultural de las comunidades indígenas, son revisadas en el presente estudio. Materiales y métodos: Estudio etnográfico descriptivo, cualitativo, realizado durante octubre de 2002 a abril de 2003, aplicándose 24 entrevistas a profundidad (a parteras, promotores de salud y usuarias, en las comunidades de Puerto Galilea y Chapiza, además de tres grupos focales. Dichas entrevistas se analizaron en función de cinco aspectos, relacionados con señales, peligros, dietas y cuidados durante el embarazo, parto y puerperio. Resultados: Los pobladores reconocen algunas señales de peligro en el embarazo, como el sangrado vaginal y pérdida de líquido amniótico. Los cuidados durante el embarazo se relacionan con las actividades diarias y la ingesta de alimentos (dietas. Existen algunos elementos que dificultan el parto y nacimiento, como el sentimiento de vergüenza para llamar al promotor. Logrado el parto, debe mantenerse los cuidados para la recuperación de la madre, y un adecuado desarrollo del recién nacido. Conclusiones: Las concepciones y percepciones del embarazo, parto y puerperio en comunidades nativas, norman el comportamiento de sus pobladores, repercutiendo esto en la salud materna e infantil. Es necesario comprender esta cultura y capacitar agentes de medicina tradicional, implementando estrategias en promoción de la salud y atención de la gestante, fortaleciendo las capacidades institucionales e incrementando la cobertura.

  5. Práticas na assistência ao parto em maternidades com inserção de enfermeiras obstétricas, em Belo Horizonte, Minas Gerais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Maria Magalhães Sousa

    2016-06-01

    Full Text Available RESUMO Objetivo: Discutir práticas na assistência ao parto em instituições de saúde, onde atuam conjuntamente médicos e enfermeiras obstétricas. Métodos: Estudo transversal que teve como fonte de dados a pesquisa Nascer em Belo Horizonte: um inquérito sobre parto e nascimento, realizada entre 2011 e 2013. A amostra foi de 230 e 238 puérperas para práticas no trabalho de parto e parto, respectivamente. A análise deu-se mediante frequências absoluta e relativa. Resultados: Práticas úteis: dieta oral (54,6%, livre movimentação (96%, métodos não farmacológicos para dor (74,2%, acompanhante (95,4%, partograma (77,4%; práticas prejudiciais: enema (0, tricotomia (0, posição deitada (66,8%, Kristeller (9,3%; práticas usadas inapropriadamente: amniotomia (67,1%, ocitocina (41,7%, analgesia (14%, episiotomia (8,4%. Conclusão: Mesmo em instituições que se empenham na mudança do modelo de atenção obstétrica, identificaram-se práticas que reproduzem o modelo tecnocrático. A transformação do modelo de assistência permanece um desafio que requer esforços conjuntos de gestores e profissionais de saúde.

  6. Combined spinal-epidural anesthesia and non-pharmacological methods of pain relief during normal childbirth and maternal satisfaction: a randomized clinical trial Anestesia combinada e métodos não farmacológicos para alívio da dor durante o trabalho de parto e satisfação materna: ensaio clínico randomizado

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Flavia Augusta de Orange

    2012-02-01

    écnica analgésica e com o parto, desejo de repetir a técnica analgésica em parto posterior e perda do controle sobre o parto. A análise estatística foi realizada no programa Epi-Info 3.5.3, com base na intenção de tratar. RESULTADOS: Pacientes recebendo anestesia combinada (AC durante o parto vaginal experimentaram uma diminuição significativa dos escores da EVA e maior satisfação materna com a técnica analgésica e com o parto. A maioria das parturientes, cerca de 97% do grupo da anestesia combinada, repetiu a técnica em partos futuros, contra 82,4% do grupo dos métodos não farmacológicos. No que diz respeito ao sentimento de controle do parto, aproximadamente metade das parturientes dos dois grupos sentiu que em algum momento do parto perdeu o controle deste, não havendo diferença significativa entre os grupos. CONCLUSÃO: O uso da AC está associado a uma significante diminuição dos escores da dor durante o parto, e maior satisfação materna com a técnica analgésica e com o parto.

  7. O DISCURSO E A PRÁTICA DO PARTO HUMANIZADO DE ADOLESCENTES

    OpenAIRE

    Renata Cunha da Silva; Marilu Correa Soares; Vanda Maria da Rosa Jardim; Nalú Pereira da Costa Kerber; Sonia Maria Könzgen Meincke

    2013-01-01

    Este estudio descriptivo objetivó conocer las prácticas de atención al parto desarrolladas por los profesionales de salud en el cuidado de la mujer adolescente. Los datos fueron extraídos del banco de datos de la investigación “Atención humanizada al Parto de Adolescentes” referente al Municipio de Pelotas-RS, por medio de entrevistas semiestructuradas en el período de noviembre de 2008 a octubre de 2009. La población meta se constituyó de los profesionales de salud actuantes en el Centro Obs...

  8. O envolvimento do pai na gravidez/parto e a ligação emocional com o bebé La participación del padre en el embarazo/parto y el vínculo emocional con el bebé Father’s involvement in pregnancy/childbirth and the emotional bond with the baby

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João Rui Duarte Farias Nogueira

    2012-12-01

    Full Text Available Enquadramento: a ligação emocional entre pai e filho é determinante na transição para a paternidade e no desenvolvimento do bebé. Objetivos: pretendemos verificar se existe relação entre as variáveis sóciodemográficas, o envolvimento na gravidez ou o corte do cordão umbilical com a ligação emocional do pai com o bebé. Metodologia: efetuámos um estudo transversal, quantitativo de caráter descritivo analítico. Aplicámos um questionário e a escala bonding validada para a população Portuguesa (Figueiredo et al., 2005, em três momentos diferentes (durante o trabalho de parto, no 1º e no 3º dia após o parto a 222 pais, entre novembro de 2010 e janeiro de 2011. Resultados: verificámos que a idade (entre 25 e 40 anos, o acompanhamento da grávida às consultas de vigilância da gravidez, o acompanhamento da grávida nos preparativos para o nascimento do bebé, a leitura de informação sobre o bebé em desenvolvimento, o envolvimento na gravidez e o corte do cordão umbilical influenciam positivamente a ligação emocional do pai com o bebé. Conclusão: os resultados apontam para uma melhoria na ligação afetiva entre o pai e o bebé se os profissionais de saúde promoverem o envolvimento do pai na gravidez e no parto.Marco: el vínculo emocional entre padre e hijo es crucial en la transición hacia la paternidad y el desarrollo del bebé.Objetivos: pretendemos verificar si existe una relación entre las variables sociodemográficas, la participación en el embarazo o el corte del cordón umbilical y el vínculo emocional entre el padre y el bebé. Metodología: se realizó un estudio transversal, cuantitativo, de corte descriptivo-analítico. Se aplicó un cuestionario y la escala de Bonding validado para la población portuguesa (Figueiredo et al., 2005, en tres momentos diferentes (durante el parto, durante el primer y el tercer día después del parto a 222 padres, entre noviembre 2010 y enero de 2011. Resultados: se

  9. Reflexiones sobre la trayectoria de la lactancia materna en el Brasil y sus interfaces con el movimiento por la Humanización del Parto y Nacimiento y la Política Nacional de Humanización

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sonia Isoyama VENANCIO

    2010-12-01

    Full Text Available A pesar de los reconocidos beneficios de la lactancia, hubo una disminución de esta práctica en el mundo. A partir de la década del 70, debido a las consecuencias del desmame precoz, inicia un movimiento mundial para reconstruir la cultura de la lactancia. Este artículo busca rescatar la trayectoria de las acciones de promoción, protección y apoyo a la lactancia en el Brasil, implementadas desde el inicio de la década de los 80, buscando identificar algunas de sus interfaces con el movimiento de humanización del parto y nacimiento y, más recientemente, con la Política Nacional de Humanización. Se puede decir que los movimientos en pro de la lactancia y por la humanización del parto y nacimiento tienen ideales comunes. Entre ellos se destacan la incorporación de la discusión sobre derechos y de las recomendaciones basadas en evidencias científicas y la participación de la sociedad civil organizada. Se constata, también, varios puntos de convergencia entre las propuestas trabajadas en el contexto de apoyo a la lactancia materna y las preocupaciones señaladas por la política de humanización, como la importancia de la calidez, del trabajo en equipo y del cuidado con el cuidador. Obviamente no se pretende agotar esta discusión, mas levantar algunos puntos que permitan reflexionar sobre las posibilidades de articulación entre las diferentes estrategias para promover la lactancia, humanización del parto e implementación de la PNH.

  10. Nitroglicerina transdérmica versus nifedipina oral para inibição do trabalho de parto prematuro: ensaio clínico randomizado Transdermal nitroglycerin versus oral nifedipine administration for tocolysis: a randomized clinical trial

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Melania Maria Ramos Amorim

    2009-11-01

    Full Text Available OBJETIVO: comparar a efetividade da nitroglicerina transdérmica com a nifedipina oral na inibição do trabalho de parto prematuro. MÉTODOS: foi realizado um ensaio clínico com 50 mulheres em trabalho de parto prematuro, randomizadas em dois grupos, 24 para nifedipina oral (20 mg e 26 para nitroglicerina transdérmica (patch 10 mg. Foram selecionadas as pacientes com gestação única, entre a 24ª e 34ª semanas e diagnóstico de trabalho de parto prematuro. Foram excluídas pacientes com malformações fetais e com doenças clínicas ou obstétricas. As variáveis analisadas foram tocólise efetiva, tempo necessário para tocólise, frequência de recorrência, progressão para parto prematuro e efeitos colaterais. RESULTADOS: a eficácia da tocólise nas primeiras 12 horas foi semelhante entre os grupos (nitroglicerina: 84,6% versus nifedipina: 87,5%; p=0,5. A média do tempo para tocólise também foi semelhante (6,6 versus 5,8 horas; p=0,3. Não houve diferença entre os grupos quanto à recorrência de parto prematuro (26,9 versus 16,7%; p=0,3 e nem na frequência de parto prematuro dentro de 48 horas (15,4 versus 12,5%; p=0,5. Entretanto, a frequência de cefaleia foi significativamente maior no grupo que usou nitroglicerina (30,8 versus 8,3%; p=0,04. CONCLUSÕES: a nitroglicerina transdérmica apresentou efetividade semelhante à nifedipina oral para inibição do trabalho de parto prematuro nas primeiras 48 horas, porém com maior frequência de cefaleia.PURPOSE: to compare the effectiveness of transdermal nitroglycerin with oral nifedipine in the inhibition of preterm delivery. METHODS: a clinical essay has been performed with 50 women in preterm delivery, randomly divided into two groups, 24 receiving oral nifedipine (20 mg, and 26, transdermal nitroglycerin (10 mg patch. Patients with a single gestation, between the 24th and the 34th weeks and diagnosis of preterm delivery were selected. Women with fetal malformation and clinical

  11. Patterns of deliveries in a Brazilian birth cohort: almost universal cesarean sections for the better-off Padrones de partos en una cohorte de nacimientos: cesáreas casi universales para los riesgos Padrões dos partos em uma coorte de nascimentos: cesarianas quase universais para os ricos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aluísio J D Barros

    2011-08-01

    fueron entrevistadas aún en el hospital, cuando informaciones detalladas de la gestación, el parto y el recién nacido, junto con una historia de salud materna y características de la familia fueron colectadas. Características maternas y el financiamiento del parto fueron los principales factores estudiados. También se hizo descripción de la distribución de las cesáreas por hora del día y día de la semana. Técnicas de padrón de análisis descriptivo y pruebas chi-cuadrado para comparar proporciones y regresión Poisson para explorar el efecto independiente de predictores de la cesárea fueron los métodos utilizados. RESULTADOS: La tasa global de cesáreas fue de 45%, 36% entre pacientes del servicio público y 81% en el servicio privado, donde se relató que 35% de las cesáreas fueron electivas. Las cesáreas fueron más frecuentes martes y miércoles, con una reducción de cerca de un tercio los domingos, mientras que los partos normales presentaron distribución uniforme a lo largo de la semana. El horario de las cesáreas en el servicio público y en el privado fue muy diferente. La escolaridad materna se asoció positivamente con la cesárea entre las madres del servicio público, pero no del privado. CONCLUSIONES: La cesárea fue muy frecuente entre las madres más ricas, y fuertemente asociada con la escolaridad materna entre pacientes del servicio público. Los padrones descritos son compatibles con la hipótesis de que las cesáreas son hechas, en gran parte, para atender la conveniencia de las agendas de los médicos. La situación actual sólo será revertida con políticas radicales.OBJETIVO: Descrever o padrão dos partos em uma coorte de nascimentos, comparando partos normais e cesarianos. MÉTODOS: Todos os recém-nascidos de moradoras da área urbana de Pelotas (RS em 2004 foram recrutados para uma coorte de nascimentos. As mães foram entrevistadas ainda no hospital, quando informações detalhadas sobre a gestação, o parto e o rec

  12. Alteração tireoidiana: um fator de risco associado à depressão pós-parto?

    OpenAIRE

    Ruschi,Gustavo Enrico Cabral; Chambô Filho,Antônio; Lima,Valmir José de; Yazaki-Sun,Sue; Zandonade,Eliana; Mattar,Rosiane

    2009-01-01

    OBJETIVOS: estudar prevalência de depressão pósparto e sua correlação com alterações tireoidianas maternas. MÉTODOS: estudo observacional descritivo transversal realizado com 292 mulheres entre 31 e 180 dias após o parto, atendidas em unidades de saúde pública da Região Metroplitana de Vitória, Espírito Santo, Brasil. Analisou-se a amostra segundo características sociodemográficas e clínico-obstétricas. Definiu-se transtorno depressivo pelo escore igual ou superior a 12 na Escala de Depressão...

  13. La enfermedad periodontal como factor de riesgo de parto pretérmino y de bajo peso al nacer en el Hospital Nacional Cayetano Heredia 2002-2003.

    OpenAIRE

    Lizarraga Marroquin, Christian Alberto; Proaño de Casalino, Doris

    2013-01-01

    Objetivo: Evaluar la relación entre parto pretérmino (PP) y de bajo peso (BP) al nacer (PPBP) y la enfermedad periodontal (EP) materna. Materiales y Métodos: Estudio tipo casos y controles de 156 madres, 53 casos (madres de bebés con PPBP) y 103 controles (bebés de madres nacidos con >37 semanas y más de 2 500g). Se interrogó a las madres y se revisó las historias clínicas, se registraron datos como: grado de instrucción, estado civil, hábitos de fumar, alcohol, drogas y otros factores de rie...

  14. Violência institucional na atenção obstétrica : proposta de modelo preditivo para depressão pós-parto

    OpenAIRE

    Souza, Karina Junqueira de

    2014-01-01

    Introdução: A depressão tem etiologia multifatorial, atingindo um significativo número de mulheres no pós-parto com estimativas de prevalência entre 7,2% à 39,4%. Especialistas em saúde materna têm encontrado associação positiva dos distúrbios psiquiátricos do período puerperal, inclusive depressão, com experiências negativas associadas à atenção obstétrica. Várias categorias de violência na atenção obstétrica têm sido utilizadas para análise dessa condição, como aquelas da Organização Mundia...

  15. Fatores associados à violência obstétrica na assistência ao parto vaginal em uma maternidade de alta complexidade em Recife, Pernambuco

    OpenAIRE

    Andrade,Priscyla de Oliveira Nascimento; Silva,Jéssica Queiroz Pereira da; Diniz,Cinthia Martins Menino; Caminha,Maria de Fátima Costa

    2016-01-01

    Resumo Objetivos: analisar os fatores associados à violência obstétrica de acordo com as práticas não recomendadas na assistência ao parto vaginal em uma maternidade escola e de referência da Cidade do Recife. Métodos: estudo transversal, prospectivo, com 603 puérperas, realizado entre agosto a dezembro de 2014. Os dados sociodemográficos, clínicos e de acesso à assistência foram obtidos através dos prontuários e de entrevistas com as pacientes. A prevalência da violência obstétrica foi bas...

  16. Análise de partos acompanhados por enfermeiras obstétricas na perspectiva da humanização do parto e nascimento Analysis of births attended by nurse midwives under the perspective of humanization of childbirth

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Sérgio Corrêa dos Reis

    2016-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar partos acompanhados pelas enfermeiras obstétricas relacionando sua prática com a política de humanização do parto e nascimento. MÉTODOS: Estudo descritivo, retrospectivo, quantitativo, baseado na análise documental de 745 partos acompanhados por enfermeiras obstétricas no ano de 2011 em uma maternidade municipal do Rio de Janeiro. RESULTADOS: As primigestas representaram 44,16% das parturientes. As intervenções mais recorrentes foram a administração de ocitocina e a amniotomia. A posição horizontal dorsal ocorreu em 12,89% dos partos. A incidência de episiotomia foi de 15,52%. Das que não foram submetidas a episiotomia, 36,42% permaneceram com períneo íntegro, havendo apenas um caso de laceração perineal grave. A asfixia neonatal (Apgar < 7 ocorreu em 0,55% dos partos. CONCLUSAO: Evidenciou-se a importância do acompanhamento do trabalho do parto pela enfermeira obstétrica, que valoriza e põe em prática o que é preconizado pelo Ministério da Saúde no que se refere à humanização do parto e nascimento.

  17. Intervalos de integración unificados para la caracterización estructural de petróleos, carbones o sus fracciones por rmn 1h y rmn 13c

    OpenAIRE

    Eliseo, Avella; Fierro, Ricardo

    2010-01-01

    Con base en la revisión de publicaciones, hechas entre 1972 y 2006, se evidenció que hay imprecisiones en los límites de los intervalos de integración que los autores asignan a las señales en resonancia magnética nuclear (RMN) para hacer la caracterización estructural de petróleos, carbones o sus fracciones derivadas, a partir de sus espectros de hidrógeno (RMN 1H) o de carbono (RMN 13C). En consecuencia, se determinaron límites unificados para la integración de los espectros RMN 1H y RMN 13C...

  18. INTERVALO ÓTIMO DE POTENCIAL DA ÁGUA NO SOLO: UM CONCEITO PARA AVALIAÇÃO DA QUALIDADE FÍSICA DO SOLO E MANEJO DA ÁGUA NA AGRICULTURA IRRIGADA

    OpenAIRE

    Tormena,Cássio Antônio; Silva,Álvaro Pires da; Gonçalves,Antônio Carlos Andrade; Folegatti,Marcos Vinícius

    1999-01-01

    RESUMO O manejo de irrigação tem sido estabelecido considerando-se apenas o potencial da água no solo, como fator limitante para o crescimento das plantas. O conteúdo de água do solo entre a capacidade de campo e o ponto de murcha permanente, foi definido como água disponível para as plantas; entretanto, a resistência à penetração e a aeração do solo também podem limitar o crescimento de plantas, mesmo com o potencial da água no solo estando dentro do intervalo correspondente à água disponíve...

  19. Fatores determinantes para as expectativas de primigestas acerca da via de parto Primigravid expectations about the delivery method and the causal factors for their choice

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ricardo Porto Tedesco

    2004-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: conhecer as expectativas de primigestas com relação à via de parto, bem como os motivos de sua escolha, procurando melhorar a qualidade do relacionamento médico-paciente. MÉTODOS: foi realizado estudo do tipo qualitativo por meio da análise do sujeito coletivo, incluindo primigestas atendidas de setembro a novembro de 2003 nos pronto-socorros dos serviços da Faculdade de Medicina de Jundiaí. Foi aplicado questionário especialmente elaborado para responder aos objetivos propostos pela pesquisa o questionário é baseado nas dúvidas apresentadas por pacientes que freqüentaram o serviço meses antes da elaboração do projeto. O consentimento livre e esclarecido, assinado pela gestante e por um dos pesquisadores responsáveis. Foi obtido para fins de padronização da amostra a seleção das pacientes seguiu critérios de inclusão: idade maior que 16 anos, primigestas, que estivessem recebendo assistência pré-natal e consentimento pós-informado lido e esclarecido. Foram considerados critérios de exclusão pacientes mentalmente incapacitadas e gestantes de alto risco com doenças que pudessem interferir na escolha da paciente. RESULTADOS: a população estudada teve como perfil mais prevalente mulheres com mais de 21 anos, brancas, casadas, com segundo grau completo e que estavam no terceiro trimestre da gestação. A via de parto de preferência da maioria das mulheres (90% foi o parto vaginal normal, sendo que as principais justificativas foram: a praticidade para sua realização (94% e o medo do sofrimento e dor no pós-parto causados pela cesárea. Encontramos relação entre a preferência pelo parto vaginal com mulheres de maior idade, casadas, não havendo diferença significativa entre as raças. CONCLUSÃO: estes resultados nos mostram enorme contraste entre a preferência das mulheres e os altos índices de cesárea no Brasil. Concluímos que deve haver falha de informação, falta de diálogo entre os

  20. Algunas consideraciones sobre Romanos y Partos en la frontera del Éufrates

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Félix J. RODRÍGUEZ SAN JUAN

    2010-02-01

    Full Text Available RESUMEN: Este artículo pretende iniciar una serie de investigaciones centradas en la frontera oriental y los procesos culturales que se van a producir en ella fruto de la interrelación entre partos y romanos. A través de tres ciudades, escogidas por sus específicas condiciones y por encontrarse con elementos de especial relevancia dentro de la investigación, se persigue profundizar en las nuevas concepciones que sobre la frontera han ido asentando los más modernos estudios, que buscan alejarla de su definición exclusivamente política o militar, para acercarla más al posible concepto que tras el término Limes debió entenderse en su momento, así como la compleja realidad cultural que escondía. El comercio y la difusión religiosa constituyeron sus elementos principales de contacto, pero también la intervención directa desde el estado romano supuso cambios importantes en la cultura de las ciudades fronterizas, en especial cuando se pretendió la conquista y se utilizaron los elementos de propaganda para intentar transformarlos y asimilarlos a su sociedad y cultura.ABSTRACT: This paper pretend to begin a series of investigation about the Oriental frontier and the cultural process that they are going to produce in it, product of the interrelationship between Parthians and Romans. Three cities are chose for it specific conditions and because they have elements of special relevancy in the investigation. It's searched to deepen in the new conceptions that about the frontier are going to affirm the most modern studies, that like to estrange of an exclusive or military definition, in order to approach to the most possible concept at the Limes term in the antiquity and to the complicated cultural reality that is behind. The commerce and the religious diffusion are the principal elements of contact, but the direct intervention from the Roman state denoted important changes in the culture of the frontier cities, specially when the conquest is

  1. Prácticas para estimular el parto normal Practices to stimulate normal childbirth

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Flora Maria Barbosa da Silva

    2011-09-01

    Full Text Available Este artículo lleva a una reflexión sobre las prácticas del estímulo al parto normal, con la fundamentación teórica de cada una de ellas. Las prácticas incluidas en este estudio fueron el ayuno, enemas, spray y baños de inmersión, caminatas, movimientos pélvicos y masaje. En un contexto de revalorización del parto normal, ofrecer a la mujer durante el parto opciones de comodidad basadas en evidencias puede ser una forma de preservar el curso fisiológico del parto.This article leads to a reflection about the practices of encouraging normal childbirth, with the theoretical foundation for each one of them. The practices included in this study were fasting, enema, shower and immersion baths, walking, pelvic movements and massage. In a context of revaluation of normal birth, providing evidence-based comfort options for women during childbirth can be a way to preserve the physiological course of labour.

  2. Do imaginário ao real: mitos e medos acerca do parto normal.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Denismar Borges de MIRANDA

    2014-12-01

    Full Text Available Objetivo: conhecer mitos e medos relacionados ao parto normal segundo primigestas ao término da gestação, e a confirmação ou não destes mitos e/ou medos durante o puerpério tardio. Método: trata-se de pesquisa descritiva com abordagem qualitativa utilizando a técnica de entrevista aberta em profundidade e aplicação de questionários em dois momentos distintos: inicialmente na condição de gestante e posteriormente como puérperas. Os dados foram levantados em uma maternidade pública na cidade de Goiânia após aprovação do comitê de ética em pesquisa (0004.0.168.000-08; análise de conteúdo foi estabelecida para identificação das categorias temáticas. Resultados: emergiram três categorias: A chegada de um bebê, O verdadeiro significado do parto normal e Mitos e medos que permeiam o nascimento. Conclusão: a dor foi identificada como principal fator cultural que interfere na escolha pelo tipo de parto em primigestas. E o parto normal esteve associado à desmistificação acerca do nascimento pelas puérperas.

  3. Correlação entre a fração inspirada de oxigênio, a pressão parcial de oxigênio materno e a pressão parcial de oxigênio fetal durante parto cesáreo em gestações normais Correlación entre la fracción inspirada de oxígeno, la presión parcial de oxígeno materno y la presión parcial de oxígeno fetal durante el parto por cesárea en embarazos normales Correlation between the inspired fraction of oxygen, maternal partial oxygen pressure, and fetal partial oxygen pressure during cesarean section of normal pregnancies

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Henrique Viana de Castro

    2009-08-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Apesar das alterações na função pulmonar, a oxigenação materna se mantém nas anestesias regionais para obstetrícia. Mesmo assim, nessas situações, o fornecimento de oxigênio suplementar para a mãe é prática disseminada. A principal justificativa é a boa oxigenação fetal; entretanto, não há devida comprovação. Este estudo prospectivo e com distribuição randômica das pacientes teve o objetivo de testar a hipótese da existência ou não de correlação entre hiperóxia materna e elevação de parâmetros gasométricos fetais na cesariana eletiva. MÉTODO: Foram estudadas vinte pacientes grávidas, submetidas à raquianestesia, através de gasometrias arteriais, com diferentes frações inspiradas de oxigênio e correlacionadas com a gasometria fetal. RESULTADOS: O aumento da fração inspirada de oxigênio materno não se correlacionou com o aumento da pressão parcial de oxigênio fetal. CONCLUSÕES: A indução de hiperóxia materna através de oxigenoterapia suplementar não foi capaz de aumentar a pressão parcial de oxigênio no feto. Não houve modificação nos parâmetros gasométricos fetais, mesmo em caso de mudança desses parâmetros na parturiente, induzidos pela hiperóxia durante a cesariana sob raquianestesia.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: A pesar de las alteraciones en la función pulmonar, la oxigenación materna se mantiene en las anestesias regionales para obstetricia. Pero incluso así, en esas situaciones, el suministro de oxígeno suplementario para la madre se practica en forma diseminada. La principal justificación es la buena oxigenación fetal, sin embargo, no existe la debida comprobación al respecto. Este estudio prospectivo y con distribución randómica de las pacientes, tuvo el objetivo de comprobar la hipótesis de la existencia o no de una correlación entre la hiperoxia materna y la elevación de los parámetros gasométricos fetales en la cesárea por elecci

  4. Parto natural: a atuação do enfermeiro diante da assistência humanizada

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sinara Santos Pereira

    2016-11-01

    Full Text Available A pesquisa teve como objeto de estudo A atuação do enfermeiro no parto natural na perspectiva da humanização. Seus objetivos foram identificar as ações cuidadoras que o enfermeiro implementa no parto normal, verificar os fatores que interferem na humanização da assistência de enfermagem no parto natural e levantar a visão dos enfermeiros em relação as reações percebidas pelas gestantes após o recebimento da assistência humanizada. Justifica-se pela incidência de mortalidade materna e perinatal ocorridas durante o parto cesáreo. Trata-se de uma pesquisa descritiva com abordagem qualitativa que teve como sujeitos um quantitativo de 05 enfermeiros obstetras. O cenário da pesquisa foi uma maternidade de pequeno porte da Região Sul Fluminense do Médio Paraíba. O instrumento para coleta de dados foi um questionário contendo perguntas abertas. A análise de dados foi através de categorias analíticas. Os enfermeiros relataram uma avaliação positiva das parturientes com relação à assistência prestada. Observou-se que as enfermeiras entrevistadas detém o conhecimento prático, teórico e científico sobre a humanização do parto e realizam a assistência condizente com seus conhecimentos, porém existem fatores que as impedem na implementação dessas ações.

  5. Via de parto e risco para mortalidade neonatal em Goiânia no ano de 2000 Obstetric delivery and risk of neonatal mortality in Goiânia in 2000, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Margareth Rocha Peixoto Giglio

    2005-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Determinar os fatores responsáveis pela associação entre via de parto normal e maior mortalidade neonatal, em coorte de recém-nascidos. MÉTODOS: Estudo de coorte retrospectiva, constituído por meio do sistema de linkage a partir dos arquivos do Sistema de Informações de Nascimentos e do Sistema Informações de Mortalidade, onde foram incluídos todos os recém-nascidos de Goiânia, no ano de 2000. Foi realizada análise estratificada da via de parto e das categorias de hospital de nascimento por fatores de risco para a mortalidade neonatal, com cálculo do Risco Relativo, com nível de significância de 5%. As associações estatísticas foram analisadas utilizando o teste qui-quadrado com nível de significância de 5%. RESULTADOS: O parto normal foi mais realizado que o operatório em situações de maior risco para a morte neonatal. Os hospitais públicos, onde o parto normal foi mais freqüente, atenderam a população de maior risco para a morte neonatal. Os hospitais privados sem atendimento ao Sistema Único de Saúde realizaram a cesariana em 84,9% dos casos. Nesses serviços, o parto normal foi realizado principalmente em situações de risco para a morte neonatal como: prematuridade extrema e muito baixo peso ao nascer. CONCLUSÕES: A associação entre parto normal e maior ocorrência de óbito neonatal decorreu de viés de seleção devido à distribuição das gestantes na rede hospitalar e, ainda, da realização quase universal de cesarianas em gestações de baixo risco e do parto normal nas gestações de alto risco para a morte neonatal.OBJECTIVE: To determine factors associated to vaginal delivery and increased neonatal mortality in cohort studies of newborns. METHODS: A retrospective cohort study was carried out using linkage data from the Information System on Live Births and Mortality Data System database, which included all newborns in Goiânia for the year 2000. A stratified analysis of delivery routes

  6. Vacinação com Escherichia coli J5 no pré-parto e ocorrência de mastite e produção de leite de vacas mestiças leiteiras

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    P.V. Maia

    2013-10-01

    Full Text Available Avaliaram-se a utilização da vacina Escherichia coli J5 no período pré-parto e a ocorrência de mastite e de produção de leite. Foram utilizadas 93 vacas, sendo 43 vacinadas e 50 não vacinadas. Para a análise dos dados de produção e CCS (contagem de células somáticas, utilizou-se delineamento inteiramente ao acaso em sistemas de parcelas subdivididas. Os dados de CCS e duração de casos clínicos de mastite foram transformados em Log10CCS. Para as médias de CCS e a duração de casos clínicos, usou-se o teste t. Para comparações de médias de recidivas de casos clínicos, usou-se o teste de Mann-Whitney. Para frequência de microrganismos e de mastite subclínica, usou-se o teste de qui-quadrado. A interação dessas variáveis foi analisada pelo teste de McNemar. Não houve redução na prevalência de infecções por coliformes entre a secagem e o parto nos dois grupos. A duração total dos casos clínicos de mastite em animais que apresentaram mastite clínica foi menor em vacas vacinadas. O número de episódios clínicos e a intensidade dos casos clínicos não diferiu entre os grupos. A prevalência de animais com mastite subclínica no pós-parto e a (CCS nos 100 primeiros dias de lactação foram mais baixas no grupo de animais vacinados. Não foi observada diferença na produção de leite entre os grupos. A vacinação de vacas com E. coli J5 melhora a saúde da glândula mamária de vacas leiteiras e, consequentemente, reduz a prevalência de animais com mastite subclínica no pós-parto, bem como a duração dos casos clínicos de mastite e a CCS nos 100 primeiros dias de lactação.

  7. Assistência ao parto na maternidade: representações sociais de mulheres assistidas e profissionais de saúde Hospital care at childbirth: social representations of women and health care professionals

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sandra Cristina da Silveira

    2010-04-01

    Full Text Available Estudo de caráter comparativo que teve por objetivo investigar representações sociais (RS de mulheres assistidas (20 e profissionais de saúde (20, sobre a assistência ao parto em maternidades. Foram realizadas 40 entrevistas que examinaram duas maternidades com enfoques diferentes de assistência ao parto. Para a análise dos dados utilizou-se a análise lexicográfica e classificação hierárquica descendente dos textos (ALCESTE. Entre os profissionais encontraram-se duas representações distintas: a primeira, denota uma visão medicalizada da assistência, e a outra aponta para uma assistência identificada com a proposta do Movimento pela Humanização do Parto e Nascimento. Entre as mulheres assistidas a qualidade da relação estabelecida com os profissionais é o fator que maior influência parece exercer sobre a maneira como representam a assistência recebida.The aim of this comparative study was to investigate social representations of assisted women (20 and health care professionals (20 concerning childbirth assistance in maternities. Forty interviews were made examining two maternities with different approaches to childbirth assistance. In dealing with the data, we used lexicographical analysis and hierarchical descending clustering of texts (ALCESTE software. Among the health care professionals, two distinct representations were found: the first denoting a medicalized vision of assistance, and the second pointing towards an assistance identified with the Humanization of Birth Movement. Among the assisted women, the quality of their relationship with health care professionals seems to be the main influence on the way they represent the received assistance.

  8. Intervalo hídrico ótimo e compactação do solo com cultivo consorciado de milho e braquiária

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliano Carlos Calonego

    2011-12-01

    Full Text Available O cultivo consorciado entre a espécie forrageira e a cultura produtora de grãos garante a produção de forragem no outono-inverno, além de palha para cobertura do solo em sistema semeadura direta. O aporte de matéria seca radicular no perfil do solo possibilita a melhoria da qualidade estrutural do solo. Objetivou-se com este experimento verificar as alterações nos atributos físicos e físico-hídricos do solo com o cultivo de milho solteiro e consorciado com Brachiaria brizantha. O experimento foi conduzido na Fazenda Experimental Lageado (UNESP, Botucatu-SP, entre os anos agrícolas de 2002/2003 e 2003/2004. Foram coletadas amostras com estrutura preservada de solo, por meio de anéis volumétricos, nas camadas de 0 a 20 e 20 a 40 cm de profundidade, em trincheiras abertas em parcelas cultivadas com milho e mantidas em pousio na entressafra, bem como em parcelas cultivadas com milho consorciado com B. brizantha na linha de semeadura, mantendo a forrageira para pastagem após a colheita do milho. A partir dessas amostras, foi avaliado o Intervalo Hídrico Ótimo (IHO, por meio de curvas de resistência à penetração e de retenção de água, em amostras com diferentes densidades do solo. O cultivo solteiro de milho na safra de verão é suficiente para melhorar as características físicas e estruturais do solo na camada de 0 a 20 cm. O cultivo de braquiária em consórcio com o milho por dois anos consecutivos melhora as condições físicas e estruturais do solo na camada de 20 a 40 cm, com redução da resistência mecânica à penetração e aumento da densidade crítica do solo.

  9. Parir en casa, parir en el hospital. Algunas dimensiones para el análisis de los lugares del parto

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    María Belén Castrillo

    2015-12-01

    Full Text Available En una investigación doctoral sobre la intervención médica en el proceso de embarazo, parto y puerperio, resulta relevante preguntarnos por la espacialidad del parto, de su atención/asistencia, por los actores involucrados y por las dinámicas diversas que generan y son generadas por los distintos lugares en los que sucede. En estas líneas reflexionaremos sobre los lugares del parto, poniendo el énfasis en el que propone e impone el modelo médico hegemónico en salud, el hospital, y la “alternativa” que supone el parto en casa, retomando los aportes de la perspectiva geográfica.

  10. Periodontite crônica materna e o parto prematuro

    OpenAIRE

    Dilma Bezerra de Vasconcellos Piscoya, Maria

    2010-01-01

    A prematuridade é responsável por altas taxas de morbimortalidade perinatal. Sabe-se que a infecção tem papel importante em relação à gestação com resultados adversos. Recentemente, atenção tem sido direcionada para a periodontite crônica materna como uma doença capaz de causar complicações na gravidez, entre elas o nascimento de crianças prematuras, o que motivou o desenvolvimento desta pesquisa. Essa tese foi estruturada sob a forma de um capítulo de revisão da literatura, um...

  11. Eficacia del masaje perineal como prevención de lesiones durante el parto y disfunciones post-parto. Revisión bibliográfica

    OpenAIRE

    Rodríguez Morante, Ana

    2015-01-01

    Introducción / Antecedentes: El suelo pélvico constituye un elemento muy importante en la mujer, pero factores como el parto vaginal pueden dañarlo debido a las lesiones que se producen en dicho momento (desgarros o episiotomías) o también puede verse afectado por a las posteriores disfunciones que es posible que se ocasionen (dispareunia, incontinencia urinaria, incontinencia anorrectal y/o prolapsos de órganos pélvicos). Objetivos: Analizar la eficacia del masaje perineal como técnica pr...

  12. Leucograma e metabolismo oxidativo de neutrófilos em cabras da raça Saanen nos períodos de gestação, parto e pós-parto

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Joandes H. Fonteque

    2013-12-01

    Full Text Available O presente estudo teve como objetivo a avaliação do leucograma e do metabolismo oxidativo de neutrófilos em fêmeas caprinas da raça Saanen, nos períodos de gestação, parto e pós-parto. Amostras de sangue foram colhidas de 20 fêmeas nulíparas da raça Saanen, clinicamente sadias por venipunção jugular aos 49 (M1, 42 (M2, 35 (M3, 28 (M4, 21 (M5, 14 (M6, sete (M7, três (M8 dias antes do parto, no dia do parto (M9, três (M10 e sete (M11 dias após o parto, para a realização do leucograma e dosagens séricas de cortisol, estradiol e progesterona. A partir de 28 dias (M4 antes do parto até sete dias do pós-parto (M11 foram colhidas amostras de sangue para a avaliação do metabolismo oxidativo de neutrófilos por meio do teste de redução do tetrazólio nitroazul (NBT. Os resultados demonstraram que no dia do parto houve aumento nas concentrações séricas de cortisol e estradiol, e diminuição da progesterona, leucocitose por neutrofilia e desvio à esquerda leve, diminuição dos linfócitos, aumento da relação neutrófilo:linfócito, eosinopenia, monocitose e basofilia. No sétimo dia do pós-parto houve leucocitose por neutrofilia e aumento da relação neutrófilo:linfócito. Não houve nos períodos de gestação, parto e pós-parto alterações significativas no metabolismo oxidativo dos neutrófilos. Conclui-se que o parto determina elevação da concentração sérica de cortisol e estradiol, e diminuição da progesterona determinando quadro de leucocitose por neutrofilia e desvio à esquerda leve, com diminuição dos linfócitos, aumento da relação neutróflo:linfócito, eosinopenia, monocitose e basofilia. Ao sétimo dia do pós-parto há leucocitose por neutrofilia, aumento da relação neutrófilo:linfócito e do fibrinogênio. A gestação, o parto e o período do pós-parto não alteram o metabolismo oxidativo de neutrófilos avaliado por meio do teste de redução do NBT.

  13. O PAPEL DE DUAS SESSÕES EXTENUANTES COM DIFERENTES INTERVALOS ENTRE AS SESSÕES – 24 e 48 HORAS – E O EFEITO PROTETOR DA CARGA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rodrigo Bergome Muniz

    2014-02-01

    Full Text Available It is reported that a single session of resistance exercise provides to our bodies with an adaptation of shape subsequent exercises do not have the same effect stressful. Objective: To evaluate the repeated bout effect in exercise sessions with different intervals after a week of the first session. Materials and Methods: 14 men (18 to 30 years engaged in strength training for a minimum of 6 months were divided into two groups A and B. The participants performed five sets, maximum repetitions with two minutes of rest between sets at 85% 1RM in biceps curl exercise unilateral Scott on the bench with the non-dominant arm. The second training session was performed 24 h later, for group A, and 48 hours later for group B. Blood samples were collected in pre measures, 24h, 48h, 72h and 96h, arm girth measurements, range of motion in flexion and extension, and measures of subjective perception of pain on palpation and by extension, before and after exercise every day of the tests. Results: When the first two exercise sessions were performed with shorter rest intervals (24 hours due to increased pain sensation, maintaining range of motion and reduced activity for longer serum CK higher. Conclusion: Exercises with short intervals (24 hours may modulate the repeated bout effect increasing the values of physiological variables and significant reductions in joint range of motion.

  14. Efeitos adversos do sufentanil associado ao anestésico local pelas vias subaracnóidea e peridural em pacientes submetidas à analgesia de parto Efectos adversos del sufentanil asociado al anestésico local por las vías subaracnoidea y peridural en pacientes sometidas a la analgesia de parto Side effects of subarachnoid and epidural sufentanil associated with a local anesthetic in patients undergoing labor analgesia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Isabel C.F. Salem

    2007-04-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A associação do opióide ao anestésico local melhora a qualidade da analgesia de parto e reduz o risco de toxicidade sistêmica pelo anestésico local. Os opióides, entretanto, podem determinar efeitos colaterais. O objetivo desta pesquisa foi comparar os efeitos adversos determinados pelo sufentanil, administrado por via subaracnóidea, associado à bupivacaína, com aquele determinado pelo sufentanil por via peridural, associado à ropivacaína, nas doses utilizadas no Serviço de Anestesia, em gestantes submetidas à analgesia de parto. MÉTODO: Participaram do estudo 60 pacientes, estado físico ASA I e II, com idade entre 15 e 42 anos, com gestação a termo e fetos saudáveis, submetidas à analgesia de parto. Foram distribuídas de forma aleatória em dois grupos: G1 - Duplo bloqueio - bupivacaína a 0,5% (2,5 mg e sufentanil (5 µg pela via subaracnóidea, G2 - Peridural - ropivacaína a 0,2% (20 mg e sufentanil (10 µg pela via peridural. Para doses complementares foi administrada ropivacaína a 0,2% (12 mg e para resolução do parto, ropivacaína a 1% (50 mg. As pacientes foram avaliadas após analgesia (M1 com relação a hipotensão arterial, bradicardia materna, prurido, náusea, vômito, depressão respiratória e sedação. No pós-operatório (M2, quanto à presença de náusea, vômito, prurido, sedação, retenção urinária e dor. Os recém-nascidos foram avaliados pelo índice de Apgar. Para análise estatística, foram utilizados teste t de Student, Mann-Whitney e Qui-quadrado. RESULTADOS: Os grupos foram similares com relação à idade, ao peso, à altura, à duração do período de trabalho de parto após analgesia, ao Apgar dos recém-nascidos, à ocorrência de hipotensão arterial, bradicardia, náusea, vômito, prurido e retenção urinária. A sedação foi mais freqüente nas pacientes de G2, em M1 (50% com diferença estatística significativa. CONCLUSÕES: O sufentanil nas doses

  15. ARRITMIAS VENTRICULARES Y NUEVO SÍNDROME CORONARIO AGUDO EN PACIENTES CON INFARTO Y DISPERSIÓN DEL INTERVALO QT PROLONGADO / Ventricular arrhythmias and new acute coronary syndrome in patients with infarction and prolonged QT dispersion

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luis M. Reyes Hernández

    2013-01-01

    Full Text Available Resumen Introducción y objetivos: La isquemia miocárdica aumenta la dispersión del intervalo QT del electrocardiograma, ya que en estas circunstancias la duración del potencial de acción disminuye en la zona del insulto isquémico, al crear una dispersión de la repolarización. La rápida sucesión de alteraciones iónicas y metabólicas locales crea situaciones favorecedoras en la génesis de arritmias ventriculares durante la isquemia. El objetivo fue determinar la asociación de la dispersión del intervalo QT corregido prolongado, en el síndrome coronario agudo, con las arritmias ventriculares y la ocurrencia de un nuevo episodio agudo de enfermedad coronaria. Método: Se estudiaron 194 pacientes con infarto miocárdico agudo, a los cuales se les midió la duración del intervalo QT en un electrocardiograma de 12 derivaciones y se corrigió por la frecuencia cardíaca en cada una de esas derivaciones; asimismo se calculó la dispersión de dicho intervalo. Se tomó en cuenta la evolución electrocardiográfica de estos pacientes relacionada con la aparición de arritmias ventriculares y de un nuevo síndrome coronario agudo a los 30 días de seguimiento. Resultados: Entre los pacientes que presentaron una dispersión prolongada del intervalo QT, prevalecieron los fallecidos con fibrilación ventricular (7 casos para un 7,5 % y sólo 2 enfermos (2,2 %, que presentaron esta arritmia, egresaron vivos. Se observó un nuevo síndrome coronario agudo en 17 pacientes con dispersión del QT prolongado, contra 8 con dispersión del QT normal. Conclusiones: Las extrasístoles ventriculares constituyeron la arritmia más observada en los pacientes con dispersión del intervalo QT normal y la fibrilación ventricular, la más observada en los pacientes con dispersión del intervalo QT prolongado. La mayor cantidad de pacientes que presentaron un nuevo síndrome coronario agudo tenían un intervalo QT corregido prolongado. / Abstract Introduction

  16. Intervalo hídrico ótimo e produtividade de cultivares de soja Optimal water interval and yield of soybean cultivars

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Amauri N. Beutler

    2006-09-01

    Full Text Available Determinar o intervalo hídrico ótimo e sua relação com a produtividade de soja, foi o que se objetivou com o presente estudo, razão por que se conduziu um experimento em Jaboticabal, SP, em Latossolo Vermelho de textura média. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado, em parcelas subdivididas (seis níveis de compactação e quatro cultivares, com quatro repetições. Os níveis de compactação, foram: T0 = 0; T1* = 1; T1 = 1; T2 = 2; T4 = 4 e T6 = 6 passadas, no mesmo local, de um trator de 11 toneladas, perfazendo toda a superfície do solo. No tratamento T1* a compactação ocorreu quando o solo estava mais seco. Em dezembro de 2003 foram semeadas as cultivares de soja (Glycine max IAC Foscarin 31, MG/BR 46 (Conquista, BRS/MG 68 (Vencedora e IAC 8 - 2. Após a semeadura, coletaram-se amostras indeformadas de solo nas camadas de 0,03-0,06; 0,08-0,11; 0,15-0,18; e 0,22-0,25 m, para determinação da curva de retenção de água, de resistência do solo à penetração e do intervalo hídrico ótimo (IHO. Segundo o modelo do IHO, a densidade do solo crítica (Dsc à produtividade de soja varia entre as cultivares nos valores de 1,56 a 1,64 Mg m-3. A densidade do solo, a partir da qual a produtividade das cultivares de soja decresceu, foi superior à Dsc.The objective of this study was to determine the optimal water interval and its relationship with soybean yield. For this study, an experiment was carried out in Jaboticabal, São Paulo State, Brazil, in a Haplustox medium textured soil. The experimental design consisted of a completely randomized with subdivided plots (six compaction levels and four soybean cultivars, with four replications. The soil compaction levels were: T0 = 0, T1* = 1, T1 = 1, T2 = 2, T4 = 4 and T6 = 6 strides of a 11 ton tractor, on the same place, side by side on soil surface. In T1* the compaction occurred when the soil was dry. In December, 2003 the soybean (Glycine max, cultivars IAC Foscarin 31

  17. Diástase dos músculos retoabdominais no puerpério imediato de primíparas e multíparas após o parto vaginal Diastasis of rectus abdominis muscle immediately postpartum of primiparous and multiparous after vaginal delivery

    OpenAIRE

    Mariana Tirolli Rett; Fabiane Ramos de Araújo; Isabela Rocha; Rosemery Augusta da Silva

    2012-01-01

    O presente estudo comparou a diástase dos músculos retoabdominais (DMRA) supra-umbilical (SU) e infra-umbilical (IU) entre primíparas e multíparas, correlacionou com a paridade, idade materna, índice de massa corporal (IMC) e tempo de trabalho de parto (TTP). Foram incluídas 100 primíparas com idade de 21,0±4,4 anos e 100 multíparas com idade de 27,2±6,2 anos submetidas ao parto vaginal. A DMRA foi avaliada nos pontos 4,5 cm acima e abaixo da cicatriz umbilical com o paquímetro. Foram emprega...

  18. Produtividade da biomassa de melissa em função de intervalo de cortes e doses de nitrogênio Biomass production of Lemon balm as a result of cutting interval and nitrogen levels

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    André May

    2008-09-01

    Full Text Available A espécie Melissa officinalis tem crescido em importância econômica no setor produtivo de plantas medicinais, contudo o nível de informações agronômicas a cerca da espécie é limitado. Dessa forma, foi instalado um experimento visando avaliar a influência do intervalo de cortes e de doses de nitrogênio sobre a produção de biomassa dessa espécie. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos ao acaso, com três repetições, em esquema fatorial 4 x 4, sendo os fatores estudados o intervalo de cortes (30; 42; 54 e 66 dias e dose de nitrogênio (0; 60; 120 e 180 kg ha-1 de N. Foram avaliadas a altura da planta e massa seca da parte aérea. Observou-se maior altura da planta para maior intervalo entre corte. Maiores rendimentos de massa seca foram observados com a aplicação de 180 kg ha-1 de N, havendo uma resposta linear para a produção de massa seca com a aplicação de N.Cultivation of Melissa officinalis is increasing in economic importance in the market of medicinal plants, although the level of agronomic information concerning the specie is limited. To achieve those objectives, a trial was carried out to study the influence of cutting intervals and nitrogen levels in biomass production. The experimental design was in blocks with three replications in a 4 x 4 factorial cheme: cutting intervals (30; 42; 54 and 66 days and nitrogen (0; 60; 120 and 180 kg ha-1 of N. The characteristics of plant height and aerial part and accumulated dry mater were evaluated. Increasing the cutting intervals resulted in higher plants. The highest dry matter value was observed using 180 kg ha-1 of N, having a linear reply for the production of dry mass with the application of N.

  19. Misoprostol na Indução do Trabalho de Parto: Oral ou Vaginal?

    OpenAIRE

    Godinho, C; Santos, L; Palma, F; Campos, A

    2004-01-01

    Algumas complicações maternas ou fetais no decorrer da gravidez tornam necessária a indução do trabalho de parto. O misoprostol é um análogo sintético da prostaglandina Eı que mimetiza a acção endógena destas substâncias na maturação do colo do útero. A dose ideal, via e frequência de administração continuam sob investigação. O objectivo deste trabalho foi avaliar a eficácia do misoprostol na indução do trabalho de parto e a morbilidade associada à sua administração oral e vaginal. Foi efectu...

  20. Fatores culturais que interferem nas experiências das mulheres durante o trabalho de parto e parto Los factores que interfieren en las experiencias de las mujeres durante el trabajo de parto y parto Factors interfering in the experience of women in childbirth process and in childbirth

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Gorette Andrade Bezerra

    2006-06-01

    Full Text Available O parto é um acontecimento de relevância na vida da mulher, uma vez que constitui momento único para o binômio mãe-filho. O estudo teve como objetivo compreender os fatores que interferem nas experiências vividas pela parturiente. Participaram sete parturientes que tiveram filhos através de parto normal, em uma maternidade pública de Fortaleza-Ceará. A coleta dos dados ocorreu nos meses de junho a agosto de 2003. Para coleta e análise dos dados foi utilizada a Etnoenfermagem. Os achados foram refletidos na Teoria da Diversidade e Universalidade do Cuidado Cultural, de Leininger, e foram organizados em três categorias: medo; influência das crenças e religiosidade e gestação anterior. A prática do cuidado cultural na assistência à mulher mostrou como é importante a comunicação e o respeito às suas crenças e valores no momento do trabalho de parto e parto.El parto es una ocurrencia de importancia en la vida de la mujer, pues se constituye un momento único para el binomio madre-hijo. El estudio tuvo por objetivo comprender los factores que interfieren en las experiencias vividas por la parturienta. Participaron siete parturientas que tuvieron sus hijos a través del parto normal, en una maternidad pública de Fortaleza-Ceará. La recolecta de los datos ocurrió en los meses de junio, julio y agosto de 2003. Para la recolecta y el análisis de los datos fue utilizada la Etnoenfermería. Los hallazgos fueron reflejados en la Teoría de la Diversidad y Universidad del Cuidado Cultural de Leininger, y fueron organizados en tres categorías: Miedo; Influencia de las creencias y religiosidad; Gestación anterior. La práctica del cuidado cultural en la atención a la mujer nos ha mostrado la importancia de la comunicación y respecto a sus creencias y valores en el momento que se pone de parto y parto.Childbirth is a relevant happening in a woman's life, as it is a unique moment for the mother-child binomial. This study aimed at

  1. Blogs como canais alternativos de comunicação para o renascimento do parto

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lia Hecker Luz

    Full Text Available Resumo Aplicando-se a sociologia das ausências e da sociologia das emergências, investiga-se a blogosfera brasileira da humanização do parto composta por blogs mantidos por mulheres ativistas. A partir da análise qualitativa de um blog expressivo desse universo, explora-se como os Sites de Redes Sociais (SNS, por sua sigla em inglês estão sendo usados enquanto canais alternativos de comunicação e informação para facilitar ações coletivas e o engajamento civil. Conclui-se que as ferramentas da Internet têm permitido uma mobilização inédita em prol do renascimento do parto, de forma a garantir um atendimento mais humano e menos violento, baseado em evidências científicas.

  2. Paternidade no contexto da depressão pós-parto materna: revisando a literatura Fatherhood in the context of maternal postpartum depression: a literature review

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Milena da Rosa Silva

    2009-04-01

    Full Text Available Esta revisão da literatura examina os achados de estudos recentes a respeito da paternidade no contexto da depressão pós-parto materna. Os estudos sobre este tema demonstram forte associação negativa entre depressão pós-parto materna e qualidade do relacionamento conjugal, apoio emocional oferecido pelo pai e seu envolvimento nos cuidados do bebê e no trabalho doméstico. Também têm mostrado que o pai pode diminuir o impacto da depressão materna sobre os filhos, caso mostre-se envolvido e mentalmente saudável, embora sejam raros os estudos descrevendo o modo como se dá a participação do pai nestas famílias. A literatura aponta, ainda, que os maridos de mulheres com depressão encontram-se em situação de risco para o desenvolvimento de psicopatologias, o que sugere que as intervenções clínicas neste contexto devem focalizar também as relações familiares.The literature review examines the findings of recent studies regarding fatherhood in the context of maternal postpartum depression. The studies on this theme demonstrate strong negative association between maternal postpartum depression and the quality of marital relationship, emotional support offered by the father and his involvement in taking care of the baby and in domestic work. They have also shown that the father can reduce the impact of maternal depression on children if he is involved and mentally healthy, although there are few studies describing how fathers participate in these families. The literature also shows that husbands of depressive women are in a risk situation for the development of psychopathology, suggesting that the clinical interventions in this context should also focus on family relationships.

  3. Comparação quantitativa da comunidade de aves de um fragmento de floresta semidecidual do interior do Estado de São Paulo em intervalo de 30 anos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vagner Cavarzere

    2012-12-01

    Full Text Available Poucos estudos avaliaram em longo prazo a variação no tamanho populacional das espécies de aves em fragmentos florestais. Para avaliar a riqueza e a abundância específica da comunidade de aves de um remanescente de mata semidecidual do interior do Estado de São Paulo, sudeste do Brasil, foi conduzido o censo da avifauna florestal utilizando-se a metodologia de contagem em transecção. Estes resultados foram comparados com levantamento realizado na mesma localidade 30 anos antes, e as aves foram classificadas de acordo com suas categorias alimentares com a finalidade de associá-las à tendência ao aumento/diminuição de suas abundâncias após este intervalo de tempo. Embora tenha havido predominância de espécies com diminuição populacional, todas as categorias tróficas analisadas apresentaram também espécies com aumento em suas abundâncias. A maioria das espécies com propensão a deslocarem-se entre fragmentos apresentou diminuição em suas abundâncias. Sugerimos que, em relação a suas abundâncias específicas, as categorias tróficas são igualmente afetadas pelos processos da fragmentação, e que a regeneração florestal sofrida pelo remanescente pode ter resultado na perda de espécies de bordas. Espécies cujas abundâncias tenham reduzido neste intervalo de tempo podem sofrer extinção local futuramente.

  4. Prevenção e Tratamento da Hemorragia Pós-Parto

    OpenAIRE

    Assis Ramos, L; Valadares, S; Videira, A; Soares, C; Dâmaso, J

    2002-01-01

    A hemorragia pós-parto (HPP) continua nos dias de hoje a ser uma complicação obstétrica frequente com elevada morbilidade e mortalidade materna. Os autores fizeram uma revisão do método de avaliação rápida e aplicação de terapêutica médica, cirúrgica e radiológica na HPP.

  5. Fístula carótido-cavernosa asociada al parto

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    David Magaña-García

    2016-07-01

    Conclusión: Este caso nos parece interesante al tratarse de una fístula carótido-cavernosa de alto flujo asociada al parto. Esto no representa la etiología más frecuente, ni el cuadro clínico que se esperaría encontrar en una presentación espontánea debida a este suceso.

  6. Factors associated with vaginal birth after previous cesarean section in Brazilian women Factores relacionados con el parto vaginal en mujeres brasileñas con cesárea anterior

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Guilherme Cecatti

    2005-08-01

    que tuvieron su primer hijo en 1985 en la ciudad de Campinas, São Paulo, Brasil, y que fueron entrevistadas 10 años más tarde, en 1995. La población estudiada se compuso de 1 352 mujeres cuyo primer hijo había nacido por cesárea y que también habían tenido como mínimo un parto posterior. El grupo de los casos (150 mujeres, o alrededor de 11% de la muestra estuvo integrado por mujeres que tuvieron su segundo parto por la vía vaginal, y el grupo testigo se compuso de 1 202 mujeres que tuvieron su segundo parto por cesárea. Para cada uno de los posibles factores asociados se calcularon la razón de posibilidades y el intervalo de confianza de 95%. Se aplicó la prueba de tendencias de ji al cuadrado para analizar las variables categóricas. Se usó una regresión multifactorial incondicionada para estimar las razones de posibilidades ajustadas correspondientes a cada factor asociado. RESULTADOS: Los factores que mostraron una asociación estadísticamente significativa con el parto vaginal fueron un ingreso familiar mensual menor de cinco veces el salario mínimo mensual en el Brasil; depender del sistema nacional de salud brasileño para obtener atención sanitaria; poca edad materna; y una primera cesárea efectuada por presentación de nalgas o transversal, o por embarazo gemelar. Del grupo de mujeres que también tuvieron un segundo parto por cesárea, solamente 11% habían hecho un esfuerzo por tener un parto vaginal. CONCLUSIONES: El principal factor que determina el parto vaginal en mujeres que ya habían tenido una cesárea fue la presencia de factores sociales y económicos adversos.

  7. Levantamento dos partos cesárea realizados em um hospital universitário

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hellen Carla Rickli Campana

    2007-04-01

    Full Text Available O Brasil tem tido uma das maiores taxas de cesáreas quando comparado a outros países, realidade não diferente em uma cidade do Norte do Paraná, Maringá. A institucionalização do parto trouxe consigo a medicalização do corpo da mulher e o aumento da freqüência de parto cesárea. Este estudo caracterizou-se como quantitativo e exploratório. O objetivo do estudo foi analisar o índice de cesáreas ocorridas em um Hospital Escola. Método: os dados foram levantados no prontuário médico das gestantes que se submeteram a cesárea nos anos de 2001-2003. Foi possível levantar que nos últimos três anos houve uma taxa de 45,3% de partos cesáreas. Apesar deste serviço atender gestantes de alto risco, houve uma taxa de cesárea acima do justificável, mostrando ser necessário repensar esta prática.

  8. Entre Margens

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Raiane Cordeiro de Souza Moreira

    2016-07-01

    Full Text Available A aproximação das duas obras em questão, A jangada de Pedra e “A terceira margem do rio”, de José Saramago e Guimarães Rosa, respectivamente, evidencia a atitude questionadora dos autores, que ousaram buscar a diferença, o insólito, numa tentativa de destituir o absoluto. Percebe-se, nessas obras, a busca da defesa de um espaço de exceção. As narrativas se passam no “entre-lugar”, no “nãolugar”, e as personagens são marcadas pela busca de identidade e de autoconhecimento. O espaço escolhido pelos autores denota não mais o uno e o absoluto ou a bipolaridade, mas um lugar terceiro, em que as contradições e os opostos estão reunidos. Em ambas as narrativas, a travessia representa a vida e as “embarcações”, a canoa e a jangada, seriam os próprios meios de conduzi-la. Busca-se, assim, observar o mundo de um ponto de vista que permite captar da melhor forma o movimento dos fenômenos em sua pluralidade e diversidade, percebendo a cultura pós-moderna marcada sempre por um movimento emergente das margens.

  9. Fatores prognósticos para o parto transvaginal em pacientes com cesárea anterior Prognostic factors for vaginal delivery after cesarian section

    OpenAIRE

    Luiz Carlos Santos; Melania M. R. Amorim; Ana Maria Feitosa Porto; Elvira Barbalho Azevedo; Carina Carla Mesquita

    1998-01-01

    O objetivo deste estudo foi determinar os fatores prognósticos para a ultimação do parto por via transpélvica em gestantes com cesárea anterior admitidas em trabalho de parto no CAM-IMIP. Foi realizado um estudo tipo caso-controle, analisando os partos de pacientes com cesárea prévia assistidos no CAM-IMIP no período de janeiro/1991 a dezembro/1994. Foram considerados casos as pacientes com cesárea anterior (n=156) e controles as que tiveram parto transvaginal (n=338). Os critérios de inclusã...

  10. Perfil dos partos cesáreos em um hospital universitário

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mariana Costa Hoffmeister

    2015-02-01

    Full Text Available Introdução: A proporção de partos cesarianos no Brasil está muito além da preconizada pela Organização Mundial da Saúde, o mesmo ocorrendoem um Hospital Universitário de Porto Alegre, sul do Brasil. A taxa de cesáreas é considerada um indicador poderoso na avaliação da qualidade da assistência perinatal. Nosso objetivo foi analisar o padrão dos partos cesarianos e normais em um hospital universitário no período de2004 a 2012 quanto à média de permanência, faixa etária da parturiente, taxa de infecção relacionada ao parto, tipo de pagador e idade gestacional. Métodos: Estudo de coorte retrospectivo, observacional, com dados coletados no Sistema de Indicadores de Gestão (IG de um Hospital Universitário, abrangendo o período de2004 a 2012. Resultados: A taxa de cesárea no hospital universitário nos anos analisados foi em média 33,21%. Em relação às cesarianas realizadas nesta instituição durante o período em estudo, observou-se que: há uma maior prevalência de cesáreas em mulheres acima de 40 anos, ocorreu um crescimento de partos cesarianos pré-termo, a média de permanência e taxa de infecção foram superiores em relação às mulheres submetidas ao parto vaginal, e houve predomínio de cesarianas na saúde suplementar quando comparada ao Sistema Único de Saúde. Conclusões: As elevadas taxas de cesárea no hospital universitário, embora acima do recomendado pela OMS, são justificadas por se tratar de um hospital terciário e estão em conformidade com o padrão observado no país.

  11. Factores asociados a la demanda de servicios para la atención del parto en México Factors associated with the demand for delivery care in Mexico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Miguel Ángel González-Block

    2010-10-01

    Full Text Available Objetivo. Analizar los factores asociados a la utilización de la institución de atención del parto en México para documentar el proceso de integración funcional de instituciones de salud. Material y métodos. Se utilizó información de mujeres con último parto entre 2000 y 2005 en la Encuesta Nacional de Salud y Nutrición 2006. Se aplicó la prueba de ji cuadrada para probar diferencias entre institución utilizada y aseguramiento. Se usó regresión logística para identificar factores que favorecieron la demanda de instituciones diferentes a las de afiliación de la mujer. Resultados. El 62.6% de mujeres con seguridad social utilizó instituciones de afiliación y 13.4% instituciones públicas. Entre no aseguradas 43.3% utilizó instituciones públicas y 19% seguridad social; 64.3% de afiliadas al Seguro Popular se atendieron en instituciones públicas. Variables de acceso, nivel socioeconómico y condiciones de vida influyeron en la demanda referida. Conclusiones. El traslape para atención de partos institucionales documenta la existencia de integración funcional de facto entre instituciones de salud mexicanas.Objective. Analyze the factors associated with the utilization of delivery care institutions in Mexico in order to document the functional integration of health institutions. Materials and Methods. Based on the 2006 National Health and Nutrition Survey, information from women whose last birth was between 2000 and 2005 was used. Chi square was used to test differences between institutions used and health insurance type. A logistic regression was carried out to identify factors associated with the demand for institutions with which women were not affiliated. Results. Women with social security used in 62% of the cases the institution of their affiliation and 13.4% used public institutions. For uninsured women, 43.3% used public institutions and 19.0% social security institutions; 64.3% of the Seguro Popular affiliates were

  12. Análisis crítica de los beneficios del parto normal en distintas posiciones

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hugo SABATINO

    2010-12-01

    Full Text Available Este trabajo es vencedor del premio Abramge de 2007. Como no hay unanimidad de criterios médicos sobre como deben ser atendidos los partos en seres humanos, el autor estudia el proceso de nacimiento comparando la posición supina con la vertical o de cuclillas, utilizando un modelo teórico con seis variables independientes - Acción de la gravedad; Compresión de los grandes vasos maternos; Diámetros del canal del parto; Ángulo de encaje de la presentación; Ventilación pulmonar y equilibrio ácido básico materno; y Eficiencia de las contracciones uterinas (en el trabajo de parto y período expulsivo - y dos variables dependientes, una materna - pérdida de sangre – y otra neonatal – indique de Apgar al primer minuto de vida. La pérdida sanguínea, medida por la diferencia en las medidas de hematócrito y de hemoglobina antes y después del parto, fue significativamente menor en la posición cócoras-supino (cuando después del parto la madre es invitada a acostarse. La proporción de recién nacidos con Apgar más elevado (>8 al primer minuto fue significativamente mayor en el grupo en el que la posición para el parto fue de cuclillas. E inversamente encontramos significativamente menor recién nacidos con Apgar bajo (0 a 6 en los partos con la madre en posición de cuclillas. Debido a estos resultados, se sugiere que los protocolos oficiales y hospitalarios recomienden esa posición como práctica rutinaria.

  13. Análisis crítica de los beneficios del parto normal en distintas posiciones

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hugo SABATINO

    2010-12-01

    Full Text Available Este trabajo es vencedor del premio Abramge de 2007. Como no hay unanimidad de criterios médicos sobre como deben ser atendidos los partos en seres humanos, el autor estudia el proceso de nacimiento comparando la posición supina con la vertical o de cuclillas, utilizando un modelo teórico con seis variables independientes - Acción de la gravedad; Compresión de los grandes vasos maternos; Diámetros del canal del parto; Ángulo de encaje de la presentación; Ventilación pulmonar y equilibrio ácido básico materno; y Eficiencia de las contracciones uterinas (en el trabajo de parto y período expulsivo - y dos variables dependientes, una materna - pérdida de sangre – y otra neonatal – indique de Apgar al primer minuto de vida. La pérdida sanguínea, medida por la diferencia en las medidas de hematócrito y de hemoglobina antes y después del parto, fue significativamente menor en la posición cócoras-supino (cuando después del parto la madre es invitada a acostarse. La proporción de recién nacidos con Apgar más elevado (>8 al primer minuto fue significativamente mayor en el grupo en el que la posición para el parto fue de cuclillas. E inversamente encontramos significativamente menos recién nacidos con Apgar bajo (0 a 6 en los partos con la madre en posición de cuclillas. Debido a estos resultados, se sugiere que los protocolos oficiales y hospitalarios recomienden esa posición como práctica rutinaria.

  14. Correlação entre os índices dopplervelocimétricos da veia cava inferior e ducto venoso e a concentração de hemoglobina do cordão em fetos de gestantes isoimunizadas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Taveira Marcos Roberto

    2003-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: o objetivo principal desse estudo foi verificar se existe correlação entre os índices dopplervelocimétricos da veia cava inferior e do ducto venoso e a concentração sérica da hemoglobina fetal. MÉTODOS: estudo transversal e prospectivo, realizado entre janeiro de 1998 e junho de 2001. Foram acompanhadas 31 gestantes isoimunizadas com resultado do teste de Coombs indireto maior que 1:8, que foram submetidas à pesquisa de hemólise fetal. Quando foram indicadas as transfusões intra-uterinas intravasculares, a hemoglobina do cordão foi dosada no início do procedimento. Nos demais casos, a hemoglobina do cordão foi mensurada no momento do parto, sempre por cesariana eletiva. Obteve-se um total de 74 procedimentos estudados, definidos como sendo cada transfusão intra-uterina precedida pela dopplervelocimetria venosa. A mensuração da concentração da hemoglobina fetal foi realizada no Hemocue® (B-Hemoglobin Photometer Hemocue AB; Angelholm, Sweden, dispositivo usado para a determinação quantitativa de hemoglobina no sangue. A dopplervelocimetria da cava inferior e do ducto venoso foi realizada antecedendo a coleta do sangue fetal, sempre em intervalo de tempo inferior a 24 horas. Os índices dopplervelocimétricos estudados foram o índice de pulsatilidade para veias (IPV, o índice do pico de velocidade para veias (IPVV e a relação entre o pico de velocidade durante a fase de contração atrial e o pico de velocidade na sístole ventricular (relação CA/SV ou índice de pré-carga, na veia cava inferior, e o IPV, IPVV e a relação entre os picos de velocidade da sístole ventricular e da contração atrial (relação SV/CA, no ducto venoso. Foi realizado estudo de correlação entre a dopplervelocimetria da veia cava inferior e do ducto venoso e a hemoglobina do cordão, pela técnica de regressão linear simples. Realizou-se também estudo de associação entre os índices dopplervelocimétricos do compartimento

  15. Avaliação da idade materna, paterna, ordem de paridade e intervalo interpartal para fissura lábio-palatina Maternal and paternal age, birth order and interpregnancy interval evaluation for cleft lip-palate

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniella Reis Barbosa Martelli

    2010-02-01

    Full Text Available Fissuras do lábio e/ou palato representam as anomalias congênitas craniofaciais mais comuns. OBJETIVO: Avaliar fatores de risco ambientais em pacientes com fissuras lábio-palatinas não-sindrômicas, em um Serviço de Minas Gerais. CASUÍSTICA E MÉTODO: Realizou-se estudo caso-controle, avaliando 100 crianças com fissuras e 100 crianças sem alterações clínicas. As dimensões de análise (idade, cor de pele, sexo, classificação das fissuras, idade materna e paterna, ordem de paridade e intervalo interpartal foram obtidas a partir de um questionário, sendo posteriormente construído banco de dados e as análises realizadas pelo programa SPSS 17.0. Os resultados foram analisados com risco relativo para cada variável, para estimar odds ratios com intervalo de confiança de 95% seguido de análise bivariada e multivariada. RESULTADOS: Entre as 200 crianças, 54% foram do sexo masculino e 46% do feminino. Com relação à cor da pele, houve predomínio de parda, branca e preta, respectivamente. Entre os tipos de fissuras, as mais comuns foram as fissuras lábio-palatinas (54%, seguidas pela fissura labial (30% e fissura palatina (16%. CONCLUSÃO: Embora com uma população limitada, verificou-se associação entre idade materna e risco aumentado para fissuras lábio-palatinas, porém idade paterna, ordem de paridade e intervalo interpartal não foram significantes.Cleft lip and palate (CL/P are the most common congenital craniofacial anomalies. AIM: To evaluate environmental risk factors for non-syndromic CL/P in a reference care center in Minas Gerais. MATERIALS AND METHODS: we carried out a case-controlled study, assessing 100 children with clefts and 100 children without clinical alterations. The analysis dimensions (age, skin color, gender, fissure classification, maternal and paternal age, birth order and interpregnancy interval, obtained from a questionnaire; and later we build a data base and the analyses were carried out by the

  16. Clinical validation of the nursing diagnosis labor pain Validación clínica del diagnóstico de enfermería dolor de parto Validação clínica do diagnóstico de enfermagem dor de parto

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Simone Roque Mazoni

    2013-02-01

    ísticas definidoras, 6 presentes en la mayoría de las participantes en las dos fases: relato verbal o codificado, evidencia observada de contracción uterina, alteración del tono muscular, evidencia observada de dolor, comportamiento expresivo y expresión facial de dolor. Fueron encontradas diferencias entre las fases para diaforesis, expresión fácil de dolor, gestos protectores, posición antiálgica, comportamiento de distracción, foco en si mismo y relato de presión perineal. CONCLUSIONES: Se observó correlación linear positiva entre escores de intensidad de dolor y amplitud de presión intrauterina en la fase inicial. El dolor de parto se evidenció un fenómeno compatible para diagnóstico de enfermería.OBJETIVOS: a proposta neste estudo foi identificar a presença dos indicadores clínicos da dor em situação de parto e correlacionar a referência verbal de intensidade de dor com a ocorrência de contrações uterinas, como proposta de validação clínica do diagnóstico de enfermagem dor de parto. MÉTODO: trata-se de estudo observacional dos 22 indicadores clínicos que representaram as características definidoras para o diagnóstico. RESULTADOS: participaram 55 parturientes (18 na fase ativa inicial, 6 na fase ativa final e 31 em ambas as fases, maiores de 18 anos, gestação única, contrações efetivas e dilatação cervical ≥4cm. Testaram-se 22 características definidoras, 6 presentes na maioria das participantes nas duas fases: relato verbal ou codificado, evidência observada de contração uterina, alteração do tônus muscular, evidência observada de dor, comportamento expressivo e expressão facial de dor. Houve diferenças entre as fases para diaforese, expressão facial de dor, gestos protetores, posição antálgica, comportamento de distração, foco em si próprio e sensação de pressão perineal. CONCLUSÕES: observou-se correlação linear positiva entre escores de intensidade de dor e amplitude de pressão intrauterina na fase inicial. A

  17. Avaliação dos intervalos e números de observações no comportamento ingestivo de novilhas leiteiras confinadas Evaluation of the intervals and numbers of observations on the ingestive behavior of dairy heifers confined

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lucas Nascimento de Oliveira

    2011-06-01

    Full Text Available Objetivou-se verificar o efeito dos intervalos e números de observações no comportamento ingestivo de novilhas leiteiras confinadas. Foram utilizadas 20 novilhas mestiças Holandês x Zebu, com peso corporal médio inicial de 165,5kg e idade média de 13 meses. As novilhas foram distribuídas em quatro grupos, compostos por níveis de inclusão de farelo de cacau com base na matéria seca das dietas (0; 7; 14 e 21%. Os tratamentos do presente estudo foram os intervalos (cinco; 10; 15; 20 e 30 minutos, números de repetições (quatro, três, duas e uma, e turnos (quatro, três, dois e um de observação durante o comportamento ingestivo. A avaliação ocorreu no fim de cada período de 21 dias de coleta de dados, durante 24 horas, sendo as atividades registradas em cinco escalas diferentes: cinco; 10; 15; 20 e 30 minutos de intervalo. Os aspectos do comportamento ingestivo foram observados em quatro, três, duas e uma repetições e turnos. Não houve efeito significativo das escalas de registro sobre o tempo de alimentação, ruminação e ócio, nem sobre as eficiências de alimentação e ruminação. Para as variáveis relacionadas com a atividade de ruminação, não houve diferença entre os diferentes números de observações, nem para os diferentes turnos de observação. A determinação dos tempos totais das atividades de alimentação, ruminação e ócio, e as eficiências de alimentação e ruminação dos diferentes nutrientes podem ser realizadas com intervalo de observação de até 30 minutos.The objective of this study was to assess the effect of the intervals and numbers of observations on the ingestive behavior of confined dairy heifers. We used 20 heifers Holstein x Zebu, with initial body weight of 165.5kg and mean age of 13 months. The heifers were divided into four feeding groups, composed of inclusions of cocoa meal based diets (0; 7; 14 and 21%. The treatments were the intervals (five; 10; 15; 20 and 30 minutes

  18. Intervalos de observações com diferentes escalas de tempo no comportamento ingestivo de vacas leiteiras confinadas Intervals between observations at different time scales in the feeding behavior of dairy confined cows

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabrício Bacelar Lima Mendes

    2011-09-01

    Full Text Available Objetivou-se analisar as diferentes escalas de tempo para determinar qual o intervalo mais adequado no estudo do comportamento ingestivo de vacas leiteiras confinadas. O experimento foi conduzido na fazenda Água Azul, Município de Macarani-Bahia, no período de outubro a novembro de 2005. Foram utilizadas 12 vacas mestiças Holandês, apresentando, em média, 478,5  15,89kg de peso corporal. Os tratamentos do presente estudo foram os intervalos (cinco, 10; 15; 20 e 30 minutos, observados durante o comportamento ingestivo. A observação do comportamento ocorreu no penúltimo dia de cada período de 12 dias durante 24 horas. Procedeu-se a análise de variância e a aplicação do teste de Dunnett, adotando-se 0,05 como nível crítico de probabilidade. Não houve efeito significativo das escalas de registro do tempo de alimentação, ruminação, ócio e para as eficiências de alimentação e ruminação. Para as variáveis dos números de períodos de alimentação, ruminação e ócio e os tempos por período de alimentação, ruminação e ócio, as escalas de 10, 15, 20 e 30 minutos foram diferentes quando comparadas com o intervalo de observação de cinco minutos. As coletas totais dos tempos de alimentação ruminação e ócio, e as eficiências de alimentação e ruminação nos diferentes nutrientes podem ser realizadas com intervalo de observação de até 30 minutos. Para a discretização das séries temporais do comportamento ingestivo recomenda-se a escala de cinco minutos entre as observações.This study aimed to analyze different time scales to determine the most appropriate interval in the study of ingestive behavior of confined dairy cows. The experiment was conducted at the farm Blue Water, city of Macarani-Bahia, in the period from October to November 2005. 12 crossbred Holstein cows were used, with an average body weight of 478.5  15.89kg. The treatments of this study were the intervals (five; 10; 15; 20 and 30

  19. Vivenciando o cuidado no contexto de uma casa de parto: o olhar das usuárias

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roselane Gonçalves

    2011-03-01

    Full Text Available O modelo de assistência ao parto e nascimento no Brasil tem sido tema de muitas discussões e estudos sobre a incorporação de práticas obstétricas que considerem a autonomia da mulher no processo de parturição. O modelo proposto pelas Casas de Parto configura-se como um cenário para esses cuidados. Este estudo voltou-se para a compreensão da vivência da mulher parturiente no contexto de uma Casa de Parto situada em São Paulo. Os dados foram coletados no período de março a outubro de 2007 e analisados à luz do referencial da Fenomenologia Social de Alfred Schütz. Sete mulheres participaram da pesquisa. Os resultados evidenciaram que a mulher que escolhe a Casa de Parto para dar à luz busca pelo cuidado humanizado e que nesse contexto ela passa por experiências positivas e negativas. Faz-se necessário discutir as políticas públicas de assistência ao parto, sua implementação e seu impacto sobre os indicadores de saúde perinatal.

  20. Abdominal muscle electrical activity during labor expulsive stage: a cross-sectional study Atividade elétrica muscular abdominal durante os esforços expulsivos do parto: um estudo transversal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Belisa D. R. Oliveira

    2011-12-01

    úsculos retoabdominal e oblíquo externo foram medidas durante o segundo estágio do parto em 24 gestantes. A diástase do músculo retoabdominal, o índice de massa corpórea e a altura de fundo de útero foram analisados como parâmetros maternos, e o peso fetal, o perímetro cefálico, os índices de Apgar e o pH e pCO2 arterial foram analisados como parâmetros fetais. O uso de ocitocina e o tempo do período expulsivo foram considerados. RESULTADOS: Encontrou-se uma correlação negativa entre a diástase umbilical e os parâmetros eletromiográficos do músculo retoabdominal (p=0,04; r=-0,407. Não se encontrou correlação significativa entre a eletromiografia dos músculos retoabdominal e oblíquo externo e os demais parâmetros maternos e fetais, bem como entre o tempo do período expulsivo e o uso da ocitocina. CONCLUSÕES: O presente estudo sugere que a diástase umbilical pode ser um parâmetro influente na geração de esforços voluntários durante o período expulsivo do parto, porém não deve ser considerada de forma isolada para o sucesso do andamento do trabalho de parto.

  1. Efetividade de estratégias não farmacológicas no alívio da dor de parturientes no trabalho de parto La efectividad de estratégias no farmacológicas en el alivio del dolor de parturientas en el trabajo de parto Effectiveness of non-pharmacological strategies in relieving labor pain

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rejane Marie Barbosa Davim

    2009-06-01

    Full Text Available Objetivou-se no estudo avaliar a efetividade de estratégias não-farmacológicas para o alívio da dor de parturientes no trabalho de parto. Ensaio clínico do tipo intervenção terapêutica antes e após, realizado em uma maternidade pública de Natal/RN - Brasil, com 100 parturientes na aplicação de exercícios respiratórios, relaxamento muscular, massagem lombossacral e banho de chuveiro. Utilizou-se a escala analógica visual para coleta de dados. A maioria das parturientes tinha entre 20 a 30 anos de idade (60%, ensino fundamental incompleto (85%, renda familiar de até 2 salários mínimos (74% e 78% estavam com acompanhantes. A ocitocina foi administrada em 81% dos casos, mas 15% não receberam qualquer medicação. Verificou-se diferença significativa no alívio da dor após a aplicação das ENF, demonstrando redução dessa dor à medida que aumentava a dilatação do colo. Conclui-se que as estratégias foram efetivas no alívio da intensidade da dor das parturientes estudadas durante o trabalho de parto.El objetivo del estudio fue evaluar la efectividad de las estrategias no farmacológicas para aliviar el dolor de parturientas en el trabajo de parto. Se trata de un ensayo clínico con un tipo de intervención terapéutica antes y después, realizado en una maternidad pública de Natal/RN - Brasil, con 100 parturientas en la aplicación de ejercicios respiratorios, relajamiento muscular, masaje lumbosacra y baño de ducha. Se utilizó, para recolectar los datos, la escala analógica visual. La mayoría de las parturientas tenía entre 20 y 30 años de edad (60%, enseñanza fundamental incompleta (85%, renta familiar hasta 2 salarios mínimos (74%, 78% estaban con acompañantes. La oxitocina fue administrada en 81% de los casos y 15% no recibieron ningún medicamento. Se verifico una diferencia significativa en el alivio del dolor después de la aplicación de las ENF, demostrando una reducción de ese dolor en la medida que

  2. Una aplicación de las funciones débilmente contractivas a problemas de valor en la frontera de funciones con valores en intervalos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vladimir Angulo-Castillo

    2014-01-01

    Full Text Available Se estudia la existencia y unicidad de soluciones para problemas de valor en la frontera asociadas a ecuaciones diferenciales de funciones con valores en intervalos, usando la derivada de Hukuhara y algunos teoremas de punto fijo de funciones débilmente contractivas definidas en conjuntos par- cialmente ordenados.

  3. Metabólitos sanguíneos de vacas de corte suplementadas ou não com sais de cálcio de ácidos graxos durante o período pré e/ou pós-parto

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M.F. Silveira

    2012-12-01

    Full Text Available Avaliou-se a concentração de metabólitos sanguíneos de vacas de corte mantidas em pastagem natural recebendo suplementação com sais de cálcio de ácidos graxos (SCAG durante 45 dias antes do parto (PRE, suplementação com SCAG durante 45 dias antes do parto e 63 dias pós-parto (PREPOS, suplementação com SCAG durante 63 dias pós-parto (POS e de vacas não suplementadas (PN. As coletas de sangue foram realizadas em média 64 dias antes do parto, e aos 21, 42 e 63 dias pós-parto. Não ocorreu interação significativa entre tratamentos e períodos. As concentrações plasmáticas de β-hidroxibutirato (βHB, triglicerídeos (TRIG, colesterol, glicose e ureia não foram afetadas significativamente pela suplementação de gordura protegida. A análise de regressão mostrou queda linear significativa da concentração de TRIG no sangue com o aumento da produção de leite (PL para as vacas do tratamento PN (TRIG = 23,10 - 2,18*PL, R² = 0,31 e efeito quadrático para as vacas do PRE (TRIG = 6,54 - 1,75*PL + 0,30*PL², R² = 0,62. Nos animais dos tratamentos POS e PREPOS, não houve efeito da produção de leite sobre a concentração de TRIG, indicando que a suplementação durante o período de produção de leite auxilia na manutenção de um balanço energético positivo. As concentrações de colesterol plasmático aumentaram, e as de triglicerídeos e ureia diminuíram linearmente até o final do experimento.

  4. Efeito da via de parto sobre a força muscular do assoalho pélvico The influence of the delivery route on pelvic floor muscle strength

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Angélica Mércia Pascon Barbosa

    2005-11-01

    Full Text Available OBJETIVO: analisar a influência da via de parto sobre a força muscular do assoalho pélvico (FM-AP. MÉTODOS: estudo clínico de corte transversal, para avaliar a FM-AP pelo teste da avaliação da força do assoalho pélvico (AFA e uso do perineômetro em primíparas, entre 20-30 anos de idade, 4-6 meses pós-parto. A contração, medida pelos dois testes, foi classificada em: zero - ausência, um - leve, dois - moderada e três - normal, sustentada por 6 segundos. Avaliaram-se 94 mulheres, entre 20 e 30 anos, divididas em três grupos: pós-parto vaginal (n=32; pós-cesárea (n=32 e nulíparas (n=30. A variável independente foi a via de parto e a dependente, a FM-AP. A comparação entre os graus de contração foi realizada pelo teste de Kruskal-Wallis e o teste de Dunn para comparações múltiplas; a influência da via de parto pelo teste chi2, o risco relativo (RR para alteração da FM-AP e o coeficiente kappa para avaliar equivalência entre os testes. RESULTADOS: a mediana e 1º e 3º quartil da FM-AP foram menores (p=0,01 pós-parto vaginal (2,0;1-2 e intermediários pós-cesárea (2,0; 2-3 em relação às nulíparas (3,0;2-3, tanto analisadas pelo AFA como pelo perineômetro. Aumentou o RR de exame alterado pós-parto vaginal (RR=2,5; IC 95%: 1,3-5,0; p=0,002; (RR=2,3; IC 95%: 1,2-4,3; p=0,005 e pós-cesárea (RR=1,5; IC 95%: 0,94-2,57; p=0,12; (RR=1,3; IC 95%: 0,85-2,23; p=0,29 pelo PFSE e perineômetro, respectivamente. CONCLUSÕES: o parto vaginal diminuiu a força muscular do AP de primíparas quando comparado com os casos submetidos à cesárea e com as nulíparas.PURPOSE: to evaluate the influence of the delivery route on pelvic floor (PF muscle strength. METHODS: a cross-sectional study was conducted to evaluate PF muscle strength by the pelvic floor strength evaluation (PFSE test and perineometer in primiparous patients aged 20 to 30 years 4 to 6 months after delivery. The categorization was: zero lack of muscle

  5. Métodos não farmacológicos para alívio da dor no trabalho de parto: uma revisão sistemática

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Michele Edianez Gayeski

    2010-01-01

    Full Text Available Se trata de una revisión sistemática con el objetivo de evaluar los resultados maternos y neonatales de la utilización de métodos no farmacológicos para aliviar el dolor durante el parto, que son clasificados como tecnología blanda y dura. Se realizó una búsqueda en las bases de datos CINAHL, MEDLINE, LILACS, SciELO, SCOPUS y el ISI Web of Science. Se incluyeron 12 ensayos clínicos aleatorios elegibles, publicados entre 1980 y 2009, en los que se evaluaron: el baño de inmersión, el masaje y la aromaterapia. Los resultados mostraron que baño de inmersión debe ser iniciado después de 3 cm de dilatación para no prolongar el trabajo de parto y afectar el resultado neonatal. El masaje es efectivo para aliviar la ansiedad, el dolor y el estrés, siendo más eficaz en la reducción del dolor cuando se usa temprano en la fase latente. La aromaterapia reduce la ansiedad y el miedo. Se deben establecer parámetros para cada método de aplicación en la que los resultados maternos y neonatales sean positivos y contribuyan a la satisfacción de las mujeres.

  6. Intervalos de referência longitudinais de parâmetros doplervelocimétricos materno-fetais Longitudinal reference intervals of maternal-fetal Doppler parameters

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nelsilene Mota Carvalho Tavares

    2013-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Criar intervalos de referência longitudinais para os valores de índices de pulsatilidade (IP dos fluxos nas artérias umbilicais (AU, cerebral média (ACM e uterinas (AUt e IP venoso do fluxo no ducto venoso (DV com uma amostra da população brasileira. MÉTODOS: Estudo observacional longitudinal realizado de fevereiro de 2010 a maio de 2012. Gestantes de baixo risco foram submetidas a exames ultrassonográficos quinzenais da 18ª a 40ª semana para obtenção dos IP das AU, AUt, ACM e IP venoso do DV. Modelos lineares mistos foram usados para elaboração de intervalos de referência longitudinais (percentis 5, 50 e 95 dos IP dos vasos mencionados. Os IP das porções placentária e abdominal do cordão umbilical foram comparados por meio do teste t de amostras independentes. Valores de p bilaterais menores do que 0,05 foram considerados significativos. RESULTADOS: Cento e sessenta e quatro gestantes foram submetidas a 1.242 exames ultrassonográficos. Houve redução significativa nos valores de todos esses parâmetros com o avançar da IG. Entre a 18ª e a 40ª semana de gravidez, as medianas de IP da AU (porções abdominal e placentária do cordão, da ACM, do DV e do IP médio das AUt variaram de 1,19 a 0,74; 1,33 a 0,78; 1,56 a 1,39; 0,58 a 0,41; e 0,98 a 0,66, respectivamente. As equações obtidas para predição das medianas foram: IP-AU=1,5602786 - (0,020623 x IG; Logaritmo do IP-ACM=0,8149111 - (0,004168 x IG - [0,002543 x (IG - 28,7756²]; Logaritmo do IP-DV=-0,26691- (0,015414 x IG; IP-AUt=1,2362403 - (0,014392 x IG. Houve diferença significativa entre os IP-AU obtidos nas extremidades placentária e abdominal fetal (pPURPOSE: To create longitudinal reference intervals for pulsatility index (PI of the umbilical (UA, middle cerebral (MCA, uterine (UtA arteries and ductus venosus (DV in a Brazilian cohort. METHODS: A longitudinal observational study performed from February 2010 to May 2012. Low risk pregnancies were

  7. Uso da bola suíça no trabalho de parto Uso de la pelota suiza en el trabajo de parto Using the Swiss ball in labor

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lia Mota e Silva

    2011-01-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Caracterizar o uso da bola suíça na assistência à parturiente em serviços de atenção obstétrica vinculado ao Sistema Único de Saúde no Município de São Paulo e identificar as características de seu emprego na assistência à parturiente por enfermeira obstétricas. MÉTODOS: Estudo descritivo com base em entrevistas estruturadas com 35 enfermeiras que prestavam assistência às parturientes. RESULTADOS: Constatou-se que 100% dos Centros de Parto Normal e 40,9% dos Centros Obstétricos possuiam bola suíça. As indicações do uso da bola suíça foram: promover a descida da apresentação fetal (32,4%, relaxamento (19,7%, progressão do parto (17,1%, exercício do períneo (14,5%, alívio da dor (11,8%, benefícios psicológicos e movimentação materna. A quase totalidade das instituições visitadas (96,8% não possuia protocolo para sua utilização. CONCLUSÃO: O estudo apontou que as enfermeiras atribuem benefícios ao uso da bola suíça no trabalho de parto. Ensaios clínicos são necessários para avaliar seus efeitos e subsidiar a elaboração de orientações para seu uso.OBJETIVOS: Caracterizar el uso de la pelota suiza en la asistencia a la parturienta en servicios de atención obstétrica vinculado al Sistema Único de Salud en el Municipio de Sao Paulo e identificar las características de su empleo en la asistencia de la parturienta por enfermeras obstétricas. MÉTODOS: Estudio descriptivo a partir de entrevistas estructuradas realizadas a 35 enfermeras que prestaban asistencia a las parturientas. RESULTADOS: Se constató que el 100% de los Centros de Parto Normal y 40,9% de los Centros Obstétricos poseían la pelota suiza. Las indicaciones del uso de la pelota suiza fueron: promover el descenso de la presentación fetal (32,4%, relajamiento (19,7%, progresión del parto (17,1%, ejercicio del periné (14,5%, alivio del dolor (11,8%, beneficios psicológicos y movimiento materno. La casi totalidad de las

  8. O pré-natal psicológico como programa de prevenção à depressão pós-parto

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alessandra da Rocha Arrais

    2014-03-01

    Full Text Available O pré-natal psicológico (PNP é um novo conceito em atendimento perinatal voltado para maior humanização do processo gestacional e do parto e da parentalidade. Pioneiro em Brasília, o programa visa à integração da gestante e da família a todo o processo gravídico-puerperal, por meio de encontros temáticos em grupo, com ênfase psicoterápica na preparação psicológica para a maternidade e paternidade e prevenção da depressão pós-parto (DPP. O objetivo da pesquisa foi avaliar a contribuição do PNP para prevenir a DPP. Optou-se pela metodologia da pesquisa-ação. Os instrumentos utilizados foram: perfil gestacional, perfil puerperal, sessões e materiais produzidos no PNP, Inventário Beck de Depressão, Escala de depressão pós-natal de Edimburgo questionário avaliativo e completamento de frases. Os resultados foram comparados entre cinco colaboradoras participantes do PNP (grupo intervenção e cinco não participantes (grupo controle e encontrou-se que entre o grupo intervenção a ocorrência dos fatores de risco superou a dos fatores de proteção e mais metade desse grupo evidenciou depressão gestacional, mas não desenvolveram a DPP. Já no grupo controle, duas colaboradoras apresentaram a DPP. Esses achados sugerem que o PNP associado a fatores de proteção presentes na história das grávidas pode ajudar a prevenir a DPP. Defende-se que a assistência psicológica na gestação, por meio da utilização do PNP, é importante instrumento psicoprofilático que deve ser implementado como uma política pública emunidades básicas de saúde, maternidades e serviços de pré-natal.

  9. La actividad física, el entrenamiento continuo e intervalo: una solución para la salud

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ricardo Ortiz-Pulido

    2017-01-01

    Full Text Available El propósito de este documento fue reportar los beneficios de la actividad física, entrenamientointervalo y entrenamiento continuo moderado en adultos sedentarios y físicamente activos.La actividad física involucra cualquier movimiento corporal que produce un aumento en elgasto energético en el metabolismo, mientras que el entrenamiento intervalo y entrenamientocontinuo moderado puede ser utilizado para controlar el programa de cargas de entrenamiento(intensidad, volumen y pausa. Los beneficios que se han reportado cuando se realiza actividadfísica son: el incremento o mantenimiento de la condición física muscular, funciones cognitivas,cardiorespiratoria, equilibrio, peso corporal, control de la obesidad; todos ellos disminuyen losriesgos de enfermedades cardiovasculares, enfernedades crónicorrespiratorias, diabetes, presiónalterial alta, sindrome metabolico, cáncer de colon, depresión y todas las causas de mortalidad.En contraste, la falta de actividad fisica ha ha sido identificada como factor de riesgo y estáasociada a diversas enfemedades no transmisibles a nivel mundial. En este documento puntua-lizamos dos tipos de entrenamiento que han tenido aplicaciones para la salud en adultos. Estetrabajo podría ayudar a promover la salud calidad de vida de la población adulta y eliminar elsedentarismo mediante la prescripción de la actividad física para la salud.

  10. Reevaluación del paciente periodontal: intervalo de tiempo adecuado para reevaluar sus parámetros

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Berenice Flores Díaz

    2017-07-01

    Full Text Available La reevaluación es uno de los pasos del tratamiento periodontal enfocados en determinar los resultados de la terapia inicial y la necesidad de terapias de soporte adicionales. El objetivo del artículo es revisar la información relacionada al intervalo de tiempo para la reevaluación los signos de progresión de la enfermedad periodontal apropiado para medir los efectos de la terapia inicial. Después de este período de tiempo, la estabilidad del periodonto debe ser evaluada en lugar de los efectos de la terapia. Conclusión: En síntesis el establecimiento de la nueva unión dento-epitelial se realiza de manera rutinaria por lo que se sugiere la reevaluación después de 2 semanas. Luego del raspado y alisado radicular hay restablecimiento del epitelio de unión al diente la super cie en 1 a 2 semanas el tejido conjuntivo continúa durante 4 a 8 semanas pero más de 2 meses puede ser demasiado tiempo porque las bacterias patógenas ya han repoblado las bolsas periodontales.

  11. Parto humanizado na percepção das enfermeiras obstétricas envolvidas com a assistência ao parto Humanización del parto según enfermeras obstetras involucradas con la atención al parto Humanized birth according to obstetric nurses involved in birth care

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jamile Claro de Castro

    2005-12-01

    Full Text Available O presente estudo, utilizando abordagem qualitativa, objetivou identificar a percepção das enfermeiras obstétricas sobre humanização da assistência ao parto, bem como evidenciar, através dos discursos, as ações desenvolvidas no processo de nascimento e os fatores dificultadores da implementação dessa assistência. Foram sujeitos deste estudo 16 enfermeiras de uma maternidade do interior do Estado de São Paulo. Seguindo a proposta do Discurso do Sujeito Coletivo, os dados foram coletados através de entrevistas semi-estruturadas, microgravadas, transcritas e organizadas para tabulação e análise. As enfermeiras entrevistadas relataram que o processo de humanização se deu como uma estratégia política que objetiva a melhoria da assistência e o resgate do parto mais natural possível e que acreditam na necessidade de mudança de paradigma para que o processo se concretize. Os resultados evidenciaram, ainda, que as enfermeiras se apresentam mais integradas ao parto como um processo e não como um evento.La finalidad de este estudio cualitativo fue identificar la percepción de enfermeras obstetras sobre la humanización de la atención al parto, además de evidenciar, a través de sus discursos, las acciones desarrolladas en el proceso de nacimiento y los factores que dificultan la implementación de esa atención. Participaron de este estudio 16 enfermeras de una maternidad del interior del Estado de São Paulo, Brasil. Siguiendo la propuesta del Discurso del Sujeto Colectivo, los datos fueron recolectados a través de entrevistas semiestructuradas, grabadas, transcriptas y organizadas para tabulación y análisis. Los resultados demostraron que las enfermeras entienden que el proceso de humanización sucedió como una estrategia política con objeto de mejorar la atención y rescatar el parto de la manera más natural posible. Consideran necesaria una mudanza del paradigma para que el proceso pueda materializarse. Los hallazgos

  12. Influence of the type of delivery on the outcome of urinary incontinence physical therapy treatment Influência do tipo de parto no resultado do tratamento fisioterapêutico na incontinência urinária

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mara Regina Knorst

    2012-08-01

    Full Text Available Objectives: To analyze the influence of the type of delivery on the pelvic floor muscle strength (PFMS of women with urinary incontinence (UI, before and after physical therapy intervention and the relationship between the different types of UI and type of delivery. Materials and Methods: In this nonrandomized, uncontrolled clinical trial, 46 women (35 to 78 years with a medical diagnosis of UI (stress – SUI, mixed – MUI, urgency – UUI, who did not undergo gynecological surgery were included. The voluntaries were evaluated (perineometry and bidigital test and undertook a conservative treatment consisting of pelvic floor exercise and transvaginal electrical stimulation. Results: The mean age was 53.6±10.5 years. Half the voluntaries had MUI, 39.1% had SUI and 10.9% UUI. After treatment, the women who had had normal delivery presented a significant increase in the PFMS, both measured by the perineometer (p=0.031; paired Student´s T test and by the bidigital test (p≤0.05; Wilcoxon’s Test, while the women who had cesarean section or both types of delivery did not present a significant gain. The relationship between the type of delivery and types of UI did not present a significant difference. Over 80% of the women that had normal delivery or cesarean section were continent or satisfied after the treatment. Conclusion: The voluntaries that had normal delivery presented the greatest gains in the PFMS. Notwithstanding, the type of delivery did not influence the results of the physical therapy intervention regarding urinary continence, since the majority of the women treated reported being continent or satisfied with the treatment.Objetivos: Analisar a influência do tipo de parto na força muscular do assoalho pélvico (FMAP de mulheres com incontinência urinária (IU, antes e depois de intervenção fisioterapêutica e determinar a relação entre os tipos de IU e tipos de parto. Materiais e Métodos: Neste ensaio clínico, de bra

  13. Nível de ruído em sala de parto

    OpenAIRE

    Fernanda Lima de Campos Oliveira; Tereza Yoshiko Kakehashi; Miriam Harumi Tsunemi; Eliana Moreira Pinheiro

    2011-01-01

    El presente estudio tuvo por objetivo identificar los niveles de presión acústica en salas de parto y las fuentes que producen ruido. Se trata de un estudio cuantitativo, descriptivo, exploratorio. La recolección de los datos se hizo de octubre de 2008 a julio de 2009. Se utilizó un decibelímetro para registrar los niveles de presión acústica y la observación no estructurada para identificar las fuentes generadoras de ruido. Se realizaron 2928 minutos de registros de ruido y observación. Los ...

  14. Fatores intervenientes no comportamento de vacas e bezerros do parto até a primeira mamada

    OpenAIRE

    Toledo, Luciandra Macedo de [UNESP

    2005-01-01

    O objetivo deste estudo foi determinar os fatores ambientais que modulam o comportamento materno-filial nas primeiras horas após o parto, período essencial para desenvolver os laços da mãe com o bezerro. Os dados foram obtidos durante sete anos de pesquisa com o rebanho da Estação Experimental de Zootecnia de Sertãozinho, SP, com quatro raças de bovinos de corte: Nelore, Guzerá, Gir e Caracu. No primeiro artigo destaca-se uma análise dos principais fatores ambientais e seus efeitos no comport...

  15. Factores de Risco da Depressão Pós-Parto: Uma Abordagem Multidimensional

    OpenAIRE

    Marques, Mariana Vaz Pires

    2012-01-01

    Tese de doutoramento em Ciências da Saúde, no ramo de Ciências Biomédicas, apresentada à Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra Introdução: São poucos os estudos que, no nosso país, tenham investigado simultaneamente o papel de factores de risco (FRs) e correlatos pertencentes a vários domínios (e.g. clínico, social…) no desenvolvimento de sintomatologia depressiva no pós-parto (PPt)/depressão pósparto (DPP). Por outro lado, quer em Portugal, quer internacionalmente, pou...

  16. Uso de la acupuntura para el manejo del dolor en el trabajo de parto

    OpenAIRE

    Cervera Fernandes, Diana

    2016-01-01

    Trabajo fin de grado en Enfermería Objetivo: Analizar la efectividad del tratamiento del dolor durante el proceso del parto mediante el uso de la acupuntura. Material y método: Se realizó una revisión narrativa a través de la consulta de las bases de datos y repositorios Pubmed, Cochrane Library, Encuentra, Bucea, Joanna Briggs, Scielo, Cuiden y Cinahl, con términos de lenguaje libre y controlado combinados mediante operadores booleanos (AND y NOT). La búsqueda se limitó a los años 2006...

  17. Influencia de la Educación Maternal en el embarazo, parto, puerperio y salud neonatal

    OpenAIRE

    Ortiz Fernández, Cristina

    2014-01-01

    La Educación para la Maternidad (EM) es el conjunto de actividades grupales dirigidas a las embarazadas y sus parejas, orientadas a mejorar sus conocimientos sobre el proceso, promover comportamientos saludables, resolver dudas, y ofrecer estrategias que faciliten el embarazo, parto y puerperio tanto física como emocionalmente. En este trabajo se realiza una revisión bibliográfica con el objeto de conocer las características de los programas de Educación Maternal actuales, así como el impacto...

  18. PARTO PRETÉRMINO Y SUFRIMIENTO FETAL SECUNDARIOS A PERITONITIS POR APENDICITIS AGUDA PERFORADA

    OpenAIRE

    Hidalgo M,Juan José; Molina P,Marta; Varo GM,Begoña; Rivas R,Salvador; Bernabeu A,José Ramón; Perales M,Alfredo

    2009-01-01

    La apendicitis aguda es la urgencia quirúrgica no obstétrica más frecuente durante el embarazo. Se ha asociado a parto pretérmino y a morbimortalidad fetal y materna, especialmente cuando se complica con peritonitis. Los cambios anatómicos, fisiológicos y bioquímicos que se producen durante la gestación pueden alterar los síntomas y signos típicos asociados a la apendicitis. Esto puede retrasar el diagnóstico y dar lugar a un aumento de la morbimortalidad materna y fetal. Presentamos el caso ...

  19. Associação entre abuso de álcool durante a gestação e o peso ao nascer

    OpenAIRE

    Ivelissa da Silva; Luciana de Avila Quevedo; Ricardo Azevedo da Silva; Sandro Schreiber de Oliveira; Ricardo Tavares Pinheiro

    2011-01-01

    OBJETIVO: Analisar a associação entre abuso de álcool durante a gestação e baixo peso ao nascer. MÉTODOS: Estudo transversal de base populacional aninhado a uma coorte de 957 gestantes que realizaram acompanhamento pré-natal no Sistema Único de Saúde da cidade de Pelotas, RS, e deram à luz entre setembro de 2007 e setembro de 2008. As mães foram entrevistadas em dois momentos distintos: no período de pré-parto e após o parto. Para verificar o abuso do álcool foi utilizada a escala Cut down, A...

  20. Armadilhas da Nova Era: natureza e maternidade no ideário da humanização do parto

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tornquist Carmen Susana

    2002-01-01

    Full Text Available RESUMO Este artigo trata de caracterizar brevemente o Movimento pela Humanização do Parto e do Nascimento no Brasil, o qual tem buscado promover modificações na assistência ao parto e ao nascimento, sobretudo no âmbito da saúde coletiva. Busca também refletir sobre as noções de Natureza e Maternidade, centrais no ideário do Movimento, bem como os limites de uma noção de empoderamento das mulheres nesse contexto.

  1. Estrutura das maternidades: aspectos relevantes para a qualidade da atenção ao parto e nascimento

    OpenAIRE

    Bittencourt, Sonia Duarte de Azevedo; Reis, Lenice Gnocchi da Costa; Ramos, Márcia Melo; Rattner, Daphne; Rodrigues, Patrícia Lima; Neves, Dilma Costa Oliveira; Arantes, Sandra Lúcia; Leal, Maria do Carmo

    2014-01-01

    Avaliar aspectos da estrutura de uma amostra de maternidades do Brasil. A estrutura foi avaliada tendo como referências as normas do Ministério da Saúde e englobou: localização geográfica, volume de partos, existência de UTI, atividade de ensino, qualificação de recursos humanos, disponibilidade de equipamentos e medicamentos. Os resultados evidenciam diferenças na qualificação e na disponibilidade de equipamentos e insumos dos serviços de atenção ao parto e nascimento segundo o tipo de finan...

  2. Eefecto de los uteroinhibidores en la flujometria doppler uteroplacentaria y fetal durante la amenaza de parto pretermino

    OpenAIRE

    Estrada Solorio, Maria Ines

    2012-01-01

    Introducción: el parto pretérmino es una de las principales causas de morbi-mortalidad neonatal. En el Hospital Civil de Guadalajara, en el año 2008, de un total de 8,896 nacimientos, se reporta un porcentaje de recién nacidos prematuros del 7.9%. Los uteroinhibidores, como un mecanismo para evitar los partos pretérmino, han sido utilizados ampliamente en Obstetricia. Suelen tener una serie de efectos colaterales conocidos en la madre, sin embargo se ha estudiado poco el efecto de estos fárma...

  3. Referencias poblacionales argentinas de peso al nacer según multiplicidad del parto, sexo y edad gestacional Reference birthweights for the Argentine population by multiplicity of birth, sex, and gestational age

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcelo Luis Urquia

    2011-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Desarrollar referencias nuevas y mejoradas de peso al nacer según la edad gestacional (EG, el sexo y la multiplicidad del parto, para la población argentina en su conjunto. MÉTODOS: La población de estudio incluyó a todos los nacidos vivos de partos simples (n = 3 478 286 y dobles (n = 57 654 en Argentina durante el período 2003-2007. Los probables errores en la clasificación de la EG basada en la fecha de la última menstruación fueron corregidos con el uso de modelos de distribuciones normales mixtas. Los percentiles se obtuvieron mediante la regresión de cuantiles, que además posibilitó el suavizamiento de las curvas. RESULTADOS: Se obtuvieron curvas de peso al nacer para partos simples entre las semanas 22 y 43 de gestación y para partos dobles entre las semanas 24 y 41, según el sexo del neonato. Comparadas con estudios previos, estas referencias no sobreestiman la proporción de nacidos vivos grandes para su EG. Se observó también un aumento del peso al nacer a lo largo del período de estudio. CONCLUSIONES: Las curvas propuestas tienen las ventajas de basarse en grandes números, de ser representativas de los nacimientos argentinos más recientes, de distinguir el tipo de parto y el sexo de los neonatos, y de minimizar los errores de clasificación de la EG. Constituyen por lo tanto una herramienta útil para medir desigualdades y así identificar grupos poblacionales con mayor riesgo de eventos perinatales adversos.OBJECTIVE: To develop new and improved reference birthweights for the Argentine population as a whole with a breakdown by gestational age (GA, sex and multiplicity of birth. METHODS: The population studied included all live births resulting from single (n = 3,478,286 and double (n = 57,654 births in Argentina during the period 2003- 2007. The probable errors in classifying GA on the basis of last menstruation were corrected using normal mixture models. The percentiles were obtained by quantile

  4. Satisfacción de las mujeres con la experiencia del parto: validación de la Mackey Satisfaction Childbirth Rating Scale Women's satisfaction with the experience of childbirth: validation of the Mackey Childbirth Satisfaction Rating Scale

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosa Mas-Pons

    2012-06-01

    Full Text Available Objetivos: Determinar la fiabilidad y validez de contenido y concepto de la Mackey Childbirth Satisfaction Rating Scale, escala para medir la satisfacción de las mujeres con el parto y el nacimiento. Métodos: Se utilizó el método de traducción-retrotraducción para obtener una versión adaptada de la escala. Para la validación se seleccionó una muestra de 325 mujeres que habían tenido un hijo sano mediante parto vaginal. La recogida de datos se realizó con un cuestionario autocumplimentado que incluía la escala adaptada, expectativas ante el parto y variables obstétricas y sociodemográficas. Se valoró la fiabilidad en una submuestra de 45 mujeres que cumplimentaron de nuevo la escala a los 15-30 días. Se analizó la estructura factorial y la consistencia interna. Se evaluó la validez de concepto analizando la relación entre la satisfacción con la experiencia y el cumplimiento de las expectativas y preferencias en el manejo del dolor. Resultados: En el estudio test-retest se obtuvo un coeficiente de correlación intraclase de 0,93 para la escala global. El análisis factorial identificó seis factores que explicaban el 69,42% de la varianza. El coeficiente alfa de Cronbach fue de 0,94 para la escala global, oscilando entre 0,72 y 0,96 en las subescalas. La satisfacción con la experiencia del parto fue superior en las mujeres cuyas expectativas se habían cumplido, así como en las que accedieron al método de alivio del dolor elegido. Conclusiones: Se ha obtenido un instrumento de medida de la satisfacción con la experiencia del parto y el nacimiento, adaptado a nuestro contexto y con buenas características psicométricas.Objectives To determine the reliability and the content and construct validity of the Mackey Childbirth Satisfaction Rating Scale to measure women's satisfaction with labor and delivery. Methods The translation-back translation method was used to obtain an adapted version of the scale. For the validation

  5. Partos domiciliares planejados assistidos por enfermeiras obstétricas: transferências maternas e neonatais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Joyce Green Koettker

    Full Text Available O presente trabalho trata-se de estudo exploratório-descritivo que teve como objetivo descrever a taxa e as causas de transferência intraparto para o hospital de mulheres assistidas no domicílio por enfermeiras obstétricas e os desfechos desses nascimentos. A amostra foi composta por onze mulheres e seus recém-nascidos, de janeiro de 2005 a dezembro de 2009. Os dados foram coleta-dos em prontuários e cadernetas de saúde e analisados por estatística descritiva. A taxa de transferência foi de 11%, a maioria de nulíparas (63,6%, e todas foram transferidas durante o primeiro período clínico do parto. Os motivos mais frequentes de transferência foram parada de dilatação cervical e progressão da apresentação fetal, e desproporção cefalopélvica. Os escores de Apgar no 1º e 5º minutos foram >7 em 81,8% dos casos e não houve internação em unidade de terapia intensiva neonatal. Neste estudo constatou-se que o parto domiciliar planejado assistido por enfermeiras obstétricas, com protocolo assistencial, apresentou bons resultados maternos e neonatais, mesmo quando a transferência para o hospital foi necessária.

  6. Modelos contemporáneos de asistencia al parto: Cuerpos respetados, mujeres que se potencian

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Natalia Magnone Alemán

    2013-08-01

    Full Text Available El artículo presentado estudia los modelos de atención contemporáneos al parto en Uruguay. Se nutre teóricamente de teorías sociológicas sobre el riesgo y la medicalización de la sociedad, de los modelos de atención a la salud humana definidos por la antropóloga David Floyd, y de perspectivas feministas sobre la sexualidad. Para su elaboración se toman entrevistas en profundidad y grupos de discusión realizados en el marco de la tesis de maestría en sociología de la autora. Sobre esta base se reflexiona en torno a las siguientes preguntas: ¿Qué concepciones de individuo y de cuerpo tienen los distintos modelos de atención al parto? ¿Qué prácticas obstétricas se establecen como consecuencia de estas concepciones? ¿Qué efectos tiene cada modo de atención sobre el respeto o no de los derechos humanos de las mujeres que paren?

  7. Modelos contemporáneos de asistencia al parto: Cuerpos respetados, mujeres que se potencian

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Natalia Magnone Alemán

    2013-08-01

    Full Text Available El artículo presentado estudia los modelos de atención contemporáneos al parto en Uruguay. Se nutre teóricamente de teoríassociológicassobre el riesgo, el cuerpo y la medicalización de la sociedad, de los modelos de atención a la salud humana definidos por la antropóloga David Floyd, y de perspectivas feministas sobre la sexualidad. Para su elaboración se toman entrevistas en profundidad y grupos de discusión realizados en el marco de la tesis de maestría en sociología de la autora. Sobre esta base se reflexiona en torno a las siguientes preguntas: ¿Qué concepciones de individuo y de cuerpo tienen los distintos modelos de atención al parto? ¿Qué prácticas obstétricasse establecen como consecuencia de estas concepciones? ¿Qué efectos tiene cada modo de atención sobre el respeto o no de los derechos humanos de las mujeres que paren?

  8. Bibliografia comentada sobre a assistência ao parto no Brasil (1972-2002 An annotated bibliography on childbirth in Brazil (1972-2002

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Lucia Mott

    2002-07-01

    Full Text Available A organização desta bibliografia teve por objetivos: 1 divulgar trabalhos sobre a assistência ao parto no Brasil, produzidos em diferentes áreas de conhecimento (história, antropologia, enfermagem, medicina, assistência social, psicologia e sociologia; 2 colocar em contacto pesquisadores que trabalham o tema; 3 dar espaço para assuntos, abordagens e autores não contemplados no dossiê. Foram referenciados e resumidos 77 trabalhos (artigos, dissertações, teses, relatórios, cartilha, produzidos por cerca de 50 autores, publicados ou realizados entre 1972 e 2002.The organization of this bibliography aimed at 1 publishing studies on birth assistency in Brazil, produced in different fields of knowledge (history, anthropology, nursing, medicine, social assistance, psychology, and sociology, 2 bringing researchers - on the into contact and 3 opening space for subjects, approaches and authors not included in the Dossier. The list references and summarizes 76 works (papers, theses, dissertations, reports, primers by about 50 authors, published or produced between 1972 and 2002.

  9. O desenvolvimento de um modelo de assistência continua ao parto Desarrollo de un modelo de asistencia continua en el parto Development of a delivery continued care model

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Cláudia Silveira Lambert

    2010-07-01

    Full Text Available Objetivo. Descrever as experiências das enfermeiras obstétricas relacionadas com o desenvolvimento de um modelo de assistência ao parto. Metodologia. investigação do tipo estudo de caso. Analisaramse as declarações de quatro enfermeiras obstétricas, que desenvolveram o modelo de assistência ao parto proposto pelo Hospital Universitário da Universidade de São Paulo. A informação obtida se analisou de modo indutivo e interpretativo. Resultados. das narrativas surgiram quatro categorias descritivas: a a convivência com o sentimento de ambivalência, b o trabalho com facilidades e dificuldades com a adoção do novo modelo, c as mudanças no conceito da assistência ao parto, e d os benefícios proporcionados pelo modelo. As enfermeiras reconhecem a viabilidade do modelo, mas sua implementação definitiva na instituição depende das mudanças nas diretrizes filosóficas e gerenciais relacionadas com a assistência ao parto e do compromisso dos profissionais. Conclusão. Reconheceramse os diversos aspectos envolvidos na implementação do modelo de atendimento no parto.Objetivo. Describir las experiencias de las enfermeras obstétricas relacionadas con el desarrollo de un modelo de asistencia al parto. Metodología. Investigación del tipo estudio de caso. Se analizaron las declaraciones de cuatro enfermeras obstétricas, que desarrollaron el modelo de asistencia al parto propuesto por el Hospital Universitario de la Universidad de São Paulo. La información obtenida se analizó de modo inductivo e interpretativo. Resultados. De las narrativas surgieron cuatro categorías descriptivas: a la convivencia con el sentimiento de ambivalencia, b el trabajo con facilidades y dificultades con la adopción del nuevo modelo, c los cambios en el concepto de la asistencia al parto, y d los beneficios proporcionados por el modelo. Las enfermeras reconocen la viabilidad del modelo, pero su implementación definitiva en la institución depende de

  10. Aveia preta e azevém anual colhidos por interceptação de luz ou intervalo fixo de tempo em sistemas integrados de agricultura e pecuária no Estado de São Paulo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Felipe Tonato

    2014-01-01

    Full Text Available Objetivou-se caracterizar o potencial produtivo, a distribuição mensal, a composição morfológica e botânica da forragem de aveia preta e de azevém anual submetidos a estratégias de manejo de corte no estado de São Paulo. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado, com tratamentos correspondendo a combinações entre formas de cultivo (aveia e azevém exclusivos ou combinados e estratégias de colheita (cortes com 95% de interceptação de luz (IL ou intervalo FIXO de 30 dias de rebrotação, em arranjo fatorial com três repetições. Os estandes colhidos por IL acumularam 1580kg MS ha-1 corte-1, e os por FIXO 2020kg de MS ha-1 corte-1. A proporção de folhas foi maior no azevém (70%, seguido do cultivo combinado (64% e depois pela aveia (52%. Entre os manejos, a IL resultou em maiores proporções de folha e menor proporção de colmos que o FIXO. A proporção de azevém foi de 64%, sob o manejo por IL, e 70% no manejo por descanso FIXO. Ao longo do tempo, ocorreu a substituição da aveia pelo azevém na composição do dossel combinado. Ambas as estratégias de manejo podem ser adotadas para essas forrageiras de inverno em sistemas de integração agricultura e pecuária, com vantagem para o azevém.

  11. Perfil energético e hormonal de ovelhas Santa Inês do terço médio da gestação ao pós-parto

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carolina A.S.C. Araujo

    2014-12-01

    Full Text Available No período periparto ocorrem importantes adequações fisiológicas que, se não forem efetivas predispõem a fêmea a enfermidades metabólicas. O conhecimento desta adaptação é relevante para que sejam implementadas, precocemente, medidas preventivas a poupar perdas produtivas. Com este objetivo foi avaliado o perfil energético e hormonal de ovelhas Santa Inês durante a gestação e puerpério. Foram utilizadas 10 ovelhas não gestantes (G0, 10 gestantes de um (G1 e 14 gestantes de dois e três fetos (G2. Foram avaliadas concentrações plasmáticas de glicose, ácidos graxos não esterificados (AGNE, betahidroxibutirato (BHB, e as concentrações séricas de insulina, glucagon, cortisol, triiodotironina (T3 e tiroxina (T4 a partir do 88º dia de gestação até o 28º dia pós-parto. No terço final de gestação, ovelhas gestantes apresentaram maiores concentrações de AGNE, T3 e T4 que as ovelhas não gestantes. No momento do parto foram observadas maiores concentrações de glicose, AGNE e T3 para todas as ovelhas gestantes em relação às não gestantes. Não houve diferença entre as ovelhas gestantes de um, dois ou três fetos. As diferenças observadas ocorreram apenas entre ovelhas gestantes e as vazias. Portanto, quando há adequada adaptação neste período de elevado desafio metabólico, os parâmetros bioquímicos aqui considerados independem do número de fetos gestados e podem ser considerados como valores de referência para ovelhas gestantes de um feto ou mais fetos do terço médio de gestação ao primeiro mês pós-parto.

  12. INTERVALO ÓTIMO DE POTENCIAL DA ÁGUA NO SOLO: UM CONCEITO PARA AVALIAÇÃO DA QUALIDADE FÍSICA DO SOLO E MANEJO DA ÁGUA NA AGRICULTURA IRRIGADA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cássio Antônio Tormena

    1999-12-01

    Full Text Available RESUMO O manejo de irrigação tem sido estabelecido considerando-se apenas o potencial da água no solo, como fator limitante para o crescimento das plantas. O conteúdo de água do solo entre a capacidade de campo e o ponto de murcha permanente, foi definido como água disponível para as plantas; entretanto, a resistência à penetração e a aeração do solo também podem limitar o crescimento de plantas, mesmo com o potencial da água no solo estando dentro do intervalo correspondente à água disponível. O Intervalo Ótimo do Potencial da Água no Solo (IOP é um conceito que incorpora os potenciais da água do solo associados à água disponível e, também, os potenciais da água do solo, nos quais há uma limitação para o crescimento de plantas associada a resistência à penetração e à aeração do solo. O objetivo deste trabalho foi caracterizar o IOP em um Latossolo Roxo argiloso, em Guaíra, SP, irrigado com um sistema de pivô de central. O IOP foi determinado usando-se a curva de retenção de água e a curva de resistência do solo à penetração, as quais foram obtidas a partir de oitenta e oito amostras indeformadas. O IOP variou de 0 a 1,49 MPa e foi negativamente correlacionado à densidade do solo (Ds. Para Ds > 1,09 Mg m-3, a resistência à penetração foi o limite superior do IOP, enquanto a aeração do solo definiu o limite superior para Db > 1,28 Mg m-3. Os limites de potencial correspondentes à água disponível foram iguais ao IOP, mas somente para Db < 1,09 Mg m-3.

  13. Determinantes da retenção de peso pós-parto segundo a cor da pele em mulheres do Rio de Janeiro, Brasil Determinants of postpartum weight retention according to skin color among women in Rio de Janeiro, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ivyna Spinola Caetano Jordão

    2005-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Investigar os fatores associados à retenção de peso pós-parto segundo a cor da pele. MÉTODOS: Foi conduzido um estudo de coorte com quatro ondas de seguimento: aos 15 dias e 2, 6 e 9 meses pós-parto. As 450 participantes do estudo (idade entre 15 e 45 anos foram recrutadas em uma maternidade e em um centro municipal de saúde localizados no Município do Rio de Janeiro, Brasil. A retenção de peso pós-parto foi definida como variável dependente. As co-variáveis investigadas foram idade da mãe, estado marital, habilidade para ler uma carta, hábito de fumar, renda familiar mensal em reais, número de filhos, idade ao primeiro parto e escore de atividade física no trabalho e no lazer. Os dados foram analisados em modelos de regressão linear longitudinal multivariados com efeitos mistos. RESULTADOS: Os fatores que permaneceram associados à retenção de peso pós-parto foram: para as mulheres brancas, tempo pós-parto (beta = -0,0061, valor P = 0,0002, estado marital (casada/ solteira beta = -0,9279, valor P = 0,0457 e idade ao primeiro parto (beta = -0,1553, valor P = 0,0364; para as pardas, tempo pós-parto (beta = -0,0062, valor P OBJECTIVE: To investigate factors associated with postpartum weight retention according to skin color in the city of Rio de Janeiro, Brazil, as part of the effort to help control overweight and obesity. METHODS: We carried out a cohort study with data collection at four points after delivery: 15 days, 2 months, 6 months, and 9 months. The 450 participants (15 to 45 years of age were recruited from a maternity center and a city health center in Rio de Janeiro. Postpartum weight retention was defined as the dependent variable. The following covariates were investigated: maternal age, marital status, ability to read a letter, smoking, monthly family income, number of children, age at first delivery, a score for physical activity at work, and a score for physical activity during leisure time. The

  14. AVALIAÇÃO DA ASSISTÊNCIA AO PARTO NORMAL EM UMA MATERNIDADE PÚBLICA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Francisco Ribeiro

    2016-01-01

    Full Text Available Resumo/Objetivos: Investigar a qualidade da assistência ao parto normal em uma maternidade pública, conforme as normas da Organização Mundial de Saúde no município de Teresina/Piaui. Métodos: Estudo transversal, conduzido mediante pesquisa em prontuário e entrevistas com 91 puérperas. Três categorias (A, B e C classificaram a assistência em existente, não existente, ou de existência intermediária. Resultados: A maioria das puérperas e recém – nascidos foram assistidas por (médicos e enfermeiros obstetras e neonatologia. No momento da admissão (39,6% tinham dilatação cervical de 4 a 6 cm acompanhado de parto com duração de 1 a 5 horas (44%, recém-nascido com apgar nos primeiros sete minutos (75,8%. Quanto à frequência das avaliações realizadas no trabalho de parto obteve: toque vaginal uma avaliação/hora (38,5%, ausculta dos batimentos cardiofetais uma avaliação/hora (35,2%, verificação da pressão arterial materna uma avaliação / horas (30,8% e dinâmica uterina (60,4% não verificada. Da frequência das práticas utilizadas na assistência ao parto normal, conforme protocolo para a assistência ao parto da Organização Mundial de Saúde as três categorias foram existentes Conclusão: o estudo mostra que a maternidade se encontra em uma situação privilegiada quanto as praticas que devem ser incentivadas. Descritores: Avaliação de serviços de saúde; Trabalho de parto; Parto normal; Atenção à saúde.

  15. Fatores associados à violência obstétrica na assistência ao parto vaginal em uma maternidade de alta complexidade em Recife, Pernambuco

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Priscyla de Oliveira Nascimento Andrade

    2016-03-01

    Full Text Available Resumo Objetivos: analisar os fatores associados à violência obstétrica de acordo com as práticas não recomendadas na assistência ao parto vaginal em uma maternidade escola e de referência da Cidade do Recife. Métodos: estudo transversal, prospectivo, com 603 puérperas, realizado entre agosto a dezembro de 2014. Os dados sociodemográficos, clínicos e de acesso à assistência foram obtidos através dos prontuários e de entrevistas com as pacientes. A prevalência da violência obstétrica foi baseada nas recomendações da Organização Mundial da Saúde sobre as práticas recomendadas para a assistência ao parto vaginal. Para análise dos fatores associados utilizou-se a regressão multivariada de Poisson, considerou-se p<5%. Os dados foram analisados no Stata 12.1 SE. Resultados: a prevalência da violência obstétrica foi de 86,57%. As práticas prejudiciais mais frequentes foram os esforços de puxo (65%, a administração de ocitocina (41% e o uso rotineiro da posição supina/litotomia (39%. Apenas as variáveis não possuir ensino médio completo (p=0,022 e ter sido assistido por um profissional médico (p<0,001 apresentaram associação significante com a violência obstétrica. Conclusões: o grande número de intervenções obstétricas utilizadas consiste em um ato de violência obstétrica e demonstram que apesar do incentivo do Ministério da Saúde para uma assistência humanizada os resultados ainda estão longe do recomendado.

  16. Parto vertical

    OpenAIRE

    Santos, Vania Sorgatto Collaço dos

    2000-01-01

    Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde. Este estudo convergente-assistencial teve por objetivo implementar uma proposta assistencial com enfoque na Teoria da Diversidade e Universalidade do Cuidado Cultural de Madeleine Leininger, junto ao casal/RN no processo de parir. Foi desenvolvido na Maternidade do Hospital Universitário da Universidade Federal de Santa Catarina, de junho a agosto de 1999. A clientela foi composta por três casais,...

  17. The medical construction of midwifery. Representations and practices in Catalonia, Spain La construcción médica de la asistencia al parto. Representaciones y prácticas en Cataluña, España A construção médica da assistência ao parto. Representações e práticas em Cataluña, Espanha

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    María Jesús Montes Muñoz

    2012-07-01

    Full Text Available Objective. To describe how discourse has been constructed regarding parturition (delivery and the need for medical intervention in Spain. Methodology. This was a qualitative study. Interviews were conducted with seven midwives who practiced in Cataluña (Spain during the middle of the last century. Their opinions were compared to medical discourse gathered from research published in the Spanish Journal on Obstetrics and Gynecology (Revista Española de Obstetricia y Ginecología between 1954 and 1960. Results. Against the normality of the evolution of most parturitions reported by the stories of the midwives, in medical definitions these appear as problematic or altered in their duration and by the presence of pain, justifying their systematic interventions; although the aforementioned poses a risk for women and their offspring. As a result, the discourse defining most deliveries as pathological is reaffirmed. Conclusion. The medical system constructed midwifery as a surgical process. Women are engaged in other more realistic constructions in agreement to their needs. Care at birth is perceived as a cultural construction and, hence, susceptible to change.Objetivo. Describir cómo se han construido los discursos sobre del parto y la necesidad de intervención médica en España. Metodología. Estudio cualitativo. Se realizaron entrevistas a siete matronas que ejercieron en Cataluña (España a mediados del siglo pasado. Se compararon sus opiniones con los discursos médicos recogidos en las investigaciones publicadas en la Revista Española de Obstetricia y Ginecología entre los años 1954 a 1960. Resultados. Frente a la normalidad de la evolución de la mayoría de los partos que informan los relatos de las matronas, en las definiciones médicas aparecen como problemáticos o alterados en su duración, además, por la presencia del dolor, justificando sus intervenciones sistemáticas, aunque lo anterior suponga un riesgo para las mujeres y sus

  18. Asociación de la neuropatía autonómica cardiovascular y el intervalo QT prolongado con la morbimortalidad cardiovascular en pacientes con diabetes mellitus tipo 2 Association of cardiovascular autonomic neuropathy and prolonged QT interval with cardiovascular morbidity and mortality in patients with type 2 diabetes mellitus

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ray Ticse Aguirre

    2011-03-01

    Full Text Available Con el objetivo de evaluar la relación entre la neuropatía autonómica cardiovascular (NACV y el intervalo QT corregido (QTc con la morbimortalidad cardiovascular en pacientes con diabetes mellitus tipo 2, se realizó el seguimiento a 5 años de 67 pacientes que acudieron a consulta externa del Servicio de Endocrinología. Se presentaron eventos cardiovasculares en 16 pacientes; el 82% completó el seguimiento y se encontró que el intervalo QTc prolongado fue la única variable que se asoció de forma significativa a morbimortalidad cardiovascular en el análisis de regresión logística múltiple (RR: 13,56; IC 95%: 2,01-91,36 (p=0,0074.In order to evaluate the relationship between cardiovascular autonomic neuropathy and corrected QT interval (QTc with cardiovascular morbidity and mortality in patients with type 2 diabetes mellitus, we followed up for 5 years 67 patients attending the outpatient Endocrinology Service. 82% completed follow-up and cardiovascular events occurred in 16 patients. We found that long QTc interval was the only variable significantly associated with cardiovascular morbidity and mortality in the multiple logistic regression analysis (RR: 13.56, 95% CI: 2.01-91.36 (p = 0.0074.

  19. Manejo de Dolor Durante el Trabajo de Parto en Gestantes de un Centro de Salud

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    María Stella Campos de Aldana

    2010-12-01

    Full Text Available Introducción: En este artículo se describe el manejo del dolor durante el trabajo de parto en las gestantes que asisten al curso de preparación para la maternidad y paternidad responsable en el centro de salud Girardot. Materiales y Métodos: Estudio serie de casos, de corte transversal, se trabajó una muestra por conveniencia conformada por nueve maternas que asistieron al curso de preparación para la maternidad y paternidad responsable y un grupo control de nueve madres que no asistieron a este curso; se utilizo una ficha sociodemográficas que permitió medir las características de las maternas y la encuesta de escala categórica del dolor de Hiskisson (1974. Resultados: A la aplicaciónde la escala categórica del dolor, el grupo de casos escribieron subjetivamente la intensidad del dolor en lasiguiente forma; Poco: en la primera etapa el 55.5%, enla segunda etapa el 77.7% y en la tercera etapa el 88.8%; Bastante en la primera etapa el 44.45%, el 22.22 % en la segunda etapa y el 11.11% en la tercera etapa. Respecto al grupo control las mujeres gestantes describieron el dolor sujetivamente en la intensidad de Mucho en la primera etapa el 77.78%, en la segunda etapa el 55.55%y el 33.33% en la tercera etapa; Bastante intensidad deldolor el 11.11% en la primera etapa, 44.45% en la segunda etapa y 55.56% en la tercera etapa; finalmente el 11.11% refirió sujetivamente el dolor como Poco en la primeray tercera etapa no describiéndose esta característicaen la segunda etapa. Discusión y Conclusiones: Enel grupo de casos describieron subjetivamente pocaintensidad del dolor, en la primera etapa de dilatación y Borramiento. En el grupo control las mujeres refirieron sujetivamente mucha intensidad del dolor en la primera y segunda etapa. (Rev Cuid 2010;1(1:35-43.Palabras clave: Dolor de parto, mujeres embarazadas, Trabajo de parto. (Fuente DeCs, BIREME.

  20. Mortalidad perinatal en la Unión Europea ¿Influye si el parto es hospitalario o domiciliario? Revisión de la literatura

    OpenAIRE

    Núñez García, Óscar; Núñez García, Eva María; Ibáñez Gabarrón, Ana María; Rojo Atenza, Encarnación

    2014-01-01

    OBJETIVOS: - Describir el modelo de control de la gestación y asistencia al parto domiciliario tomando como referencia Países Bajos. - Comparar la Tasa de Mortalidad Perinatal (TMP) de los países europeos donde sea usual el parto domiciliario con los que la mayoría de sus partos sean atendidos en el hospital. - Mostrar los datos de Tasa de Mortalidad en Países Europeos. - Abrir nuevas vías de investigación respecto al tema. MÉTODOS: Revisión bibliográfica mediante búsqueda en bases de datos y...

  1. Cálcio ionizado no soro: estimativa do intervalo de referência e condições de coleta Serum ionized calcium: reference interval estimation and blood collection condictions

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adagmar Andriolo

    2004-04-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: A dosagem de cálcio ionizado, em nosso meio, tem se tornado freqüente em substituição à de cálcio total, com vantagens, por ser a fração fisiologicamente ativa e pelo desenvolvimento de metodologia robusta e com relação custo/benefício adequada. Seu uso implica a necessidade de definição de intervalos de referência. OBJETIVO: Estimar o intervalo de referência para o cálcio ionizado sérico e avaliar interferências do tempo de permanência do torniquete e do resfriamento da amostra. MATERIAL E MÉTODO: Para a estimativa do intervalo de referência, foram incluídos os resultados de 11.320 dosagens consecutivas de cálcio ionizado realizadas de janeiro de 2000 a novembro de 2002; para avaliar o efeito da refrigeração foram realizadas 16 coletas em duplicata, sendo que um dos tubos foi colocado em banho de gelo imediatamente após a coleta e o outro foi mantido à temperatura ambiente; para avaliar o efeito do tempo de garroteamento, em seis voluntários foi realizada a coleta em um dos braços imediatamente após a aplicação do torniquete e, no outro braço, após 3 minutos de garroteamento. O sangue foi colhido em tubos sem ar, contendo gel separador, e centrifugado em até 30 minutos após a coleta. Todas as dosagens foram realizadas em até 4 horas após a centrifugação por eletrodo íon-seletivo. RESULTADOS: Considerando-se os 95% centrais dos dados, os limites inferior e superior foram 1,11mmol/l (intervalo de confiança de 90%: 1,1 a 1,11mmol/l e 1,4mmol/l (intervalo de confiança de 90%: 1,39 a 1,41mmol/l, respectivamente. Não foram detectadas diferenças significativas nos resultados das amostras com e sem refrigeração e entre as amostras coletadas com menos de um minuto e com três minutos de garroteamento.INTRODUCTION: The ionized serum calcium determination has become frequent replacing the total calcium with advantages: it is the physiologically active fraction, and the availability of robust

  2. Alteração tireoidiana: um fator de risco associado à depressão pós-parto? Thyroid dysfunction: a risk factor associated with post-partum depression?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gustavo Enrico Cabral Ruschi

    2009-06-01

    Full Text Available OBJETIVOS: estudar prevalência de depressão pósparto e sua correlação com alterações tireoidianas maternas. MÉTODOS: estudo observacional descritivo transversal realizado com 292 mulheres entre 31 e 180 dias após o parto, atendidas em unidades de saúde pública da Região Metroplitana de Vitória, Espírito Santo, Brasil. Analisou-se a amostra segundo características sociodemográficas e clínico-obstétricas. Definiu-se transtorno depressivo pelo escore igual ou superior a 12 na Escala de Depressão Pós-Parto de Edimburgo (EPDS. A avaliação tireoidiana foi realizada por dosagens séricas de hormônio tireo-estimulante (TSH, tiroxina livre (T4 livre e dos anticorpos anti-peroxidase (TPO. Para avaliação dos resultados utilizamos técnicas de análise descritiva e teste do χ2, adotando nível de significância de 5%. RESULTADOS: 115 mulheres (39,4% apresentaram escores iguais ou superiores a 12 na EPDS, sendo consideradas deprimidas; 117 (60,6%, com escores inferiores a 12, foram consideradas não deprimidas. A prevalência de depressão pós-parto no grupo com alterações tireoidianas foi de 36% e no grupo sem alterações tireoidianas foi de 40%. Não houve diferença estatisticamente significante na frequência de depressão entre as pacientes com e sem alterações tireoidianas (χ2=0,131;p=0,717. CONCLUSÕES: a frequência de DPP foi elevada, não sendo observada associação entre depressão pós-parto e alterações tireoidianas.OBJECTIVES: to investigate the prevalence of post partum depression and its correlation with thyroid dysfunction in mothers. METHODS: a descriptive, cross-cutting observational study carried out among 292 women between the 31st and 180th days post partum, attending public health units in the Metropolitan Region of Vitória, in the State of Espírito Santo, Brazil. The sample was analyzed for socio-demographic and clinical-obstetric characteristics. A depressive disorder was defined by a score

  3. Prevenção do parto prematuro: emprego do toque vaginal e da ultra-sononografia transvaginal Prevention of preterm birth: use of digital examination and transvaginal ultrasonography

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Arlete Ayako Yamasaki

    1998-07-01

    Full Text Available Objetivo: avaliar o colo uterino por meio do toque vaginal e da ultra-sonografia transvaginal em gestantes de risco elevado para o parto prematuro. Métodos: durante o período compreendido entre fevereiro de 1995 e setembro de 1997 foram acompanhadas 38 gestantes com elevado risco para o parto prematuro entre a 20ª e 36ª semana de gestação. Estas pacientes foram submetidas semanalmente ao toque vaginal e ao exame ultra-sonográfico transvaginal. O toque vaginal avaliou o colo uterino quanto a dois parâmetros: comprimento e dilatação. A ultra-sonografia transvaginal estudou o comprimento e o diâmetro anteroposterior do colo uterino. Foram analisados os comportamentos destas medidas cervicais ao longo da gestação. Os dois métodos foram comparados quanto à avaliação cervical e à acurácia no diagnóstico do parto prematuro. Resultados: a incidência de partos prematuros foi de 18,4% (7/38. As medidas do comprimento cervical obtidas pela ultra-sonografia foram sempre maiores em relação às medidas obtidas pelo toque vaginal. Mediante análise pelo teste de hipóteses foram observadas uma relação indireta entre o comprimento cervical e a idade gestacional por meio do toque e do estudo ultra-sonográfico (pObjective: to evaluate the uterine cervix by digital and transvaginal ultrasound examinations in pregnant women at high risk of having premature delivery. Methods: during the period between February 1995 and September 1997, 38 pregnant women at high risk of having premature delivery between the 20th and 36th week of gestation were examined. These patients were submitted weekly to both digital and transvaginal ultrasound examinations. The digital examination evaluated the uterine cervix using two parameters: length and dilation. The transvaginal ultrasound studied the length and the anteroposterior diameter of the uterine cervix. The behavior of these cervical measurements was analyzed throughout the pregnancies. The two methods

  4. Perfil lipídico: intervalos de referência em escolares de 2 a 9 anos de idade da cidade de Maracaí (SP

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Seki Mario

    2003-01-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: As recentes publicações disponíveis em nosso meio sobre dislipidemias na infância indicam progressão de uma silenciosa epidemia, que pode agravar as taxas de morbidade e mortalidade por doenças cardiovasculares nos próximos anos. Na falta de padronização dos intervalos de referência para população brasileira, muitos autores utilizam valores procedentes de outros países, em particular os recomendados pelas III Diretrizes Brasileiras Sobre Dislipidemias (III DBSD, 2001, que foram transcritos do National Cholesterol Education Program-NCEP (EUA, 1992. OBJETIVO: Estabelecer intervalos de referência para triglicerídeos (TG, colesterol total (CT e frações em escolares de 2 a 9 anos de idade da cidade de Maracaí, SP. MÉTODOS: delineamento transversal. Foram avaliados perfis lipídicos de 1.202 alunos de seis escolas (cinco públicas e uma privada, de 2 a 9 anos de idade, no período de 25 de março a 8 de outubro de 2002. Empregaram-se reações enzimáticas para determinações de TG e CT, kits Johnson & Johnson, metodologia de química seca e auto-analisador Vitros 750. Utilizaram-se reagentes magnéticos (sulfato de dextran e cloreto de magnésio, Johnson & Johnson para precipitação de LDL-c e VLDL-c e subseqüente determinação enzimática de HDL-c. O LDL-c foi obtido através de cálculo de Friedewald para TG abaixo de 400mg/dl; valores superiores a este foram determinados com kits Merck CHOD-PAP e leitura fotométrica. RESULTADOS: As exclusões totalizaram 266 casos e os analisados, 936. Os valores obtidos na amostra estudada diferem dos intervalos de referência recomendados pelas III DBSD. As maiores variações dos resultados de Maracaí, em relação às III DBSD, foram do percentil 95 de TG: 130mg/dl (+ 30%; percentil 75 de LDL-c: 101,1mg/dl (-8,1%; percentil 5 de HDL-c: 34mg/dl (-15%. DISCUSSÃO: os intervalos de referência transcritos de outros países desconsideram diferenças étnicas, socioecon

  5. Fatores associados à retenção de peso pós-parto em uma coorte de mulheres, 2005-2007 Factors associated with post-partum weight retention in a cohort of women, 2005-2007

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernanda Rebelo

    2010-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: investigar fatores associados à retenção de peso pós-parto. MÉTODOS: estudo de coorte com 104 gestantes recrutadas em uma Unidade Básica de Saúde no município do Rio de Janeiro, da 8ª a 13ª semana de gestação e acompanhadas até aproximadamente 55 dias pós-parto. As variáveis incluíram informações sócio-demográficas, econômicas, bioquímicas, antropométricas e reprodutivas. A retenção de peso pós-parto (diferença entre o peso pós-parto e o peso pré-gestacional foi utilizada como variável dependente. RESULTADOS: a média de peso retido foi 3,2 kg ± 3,7 kg. As mulheres com ganho de peso gestacional (GPG excessivo retiveram 5,0 kg ± 3,9 em comparação a 3,6 kg ± 3,0 em mulheres com GPG adequado e 1,4 kg ± 3,1 para as com GPG insuficiente. O GPG e o Índice de Massa corporal (IMC pré-gestacional mantiveram associação significativa com a retenção de peso no modelo final. Observou-se que a cada quilo de peso ganho na gestação, quase 50% ficaram retidos no pós-parto (β = 0,494; pOBJECTIVE: to investigate factors associated with post-partum weight retention. METHODS: a cohort study with 104 recruited pregnant women in the 8th to 13th week of gestation was carried out at Basic Health Unit in the municipality of Rio de Janeiro and the women were accompanied until around 55 days post-partum. The variables included socio-demographic, economic, biochemical, anthropometric and reproductive data. Post-partum weight retention (the difference between postpartum andpre-gestational weight was used as the dependent variable. RESULTS: the mean weight retention was 3.2 kg ± 3.7 kg. Women with excessive gestational weight gain retained 5.0 kg ± 3.9 in comparison to 3.6 kg ± 3.0 in women with adequate gestational weight gain and 1.4 kg ± 3.1 compared to those with inadequate gestational weight gain. The gestational weight gain and pre-gestational body mass index continued to show a significant association with

  6. Reflexões sobre deambulação e posição materna no trabalho de parto e parto Reflexiones sobre deambulación y posición materna en el trabajo de parto y parto Reflection on ambulation and maternal position during labor and delivery

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabiana Villela Mamede

    2007-06-01

    Full Text Available Este artigo apresenta uma reflexão sobre os fatores determinantes que levaram à mudança da posição da mulher de vertical para horizontal no processo de parturição. A institucionalização do processo de parir e nascer promoveu uma série de mudanças no assistir à mulher e à família. Muitas das práticas que preservavam o respeito à autonomia e aos valores culturais deram lugar a outros que valorizam a tecnologia, a medicalização e a intervenção. Tais mudanças não efetivaram significativa redução na mortalidade materna e neonatal, pelo contrário, promoveram a desumanização da assistência. Um novo olhar sobre o efeito da deambulação e da posição durante o trabalho de parto e parto está sendo incentivado e está dando oportunidade de evidenciar uma série de vantagens e benefícios para mãe e filho.Este artículo presenta una reflexión sobre los factores determinantes que llevaran al cambio de la posición de la mujer de vertical para horizontal en el proceso de parturiación. La institucionalización del proceso de parir y nacer promovió el respeto a la autonomía y los valores culturales dieran lugar a otros que valoraran la tecnología, la medicalización y la intervención. Tales cambios no efectivaran significativa reducción en la mortalidad materna y neonatal, por el contrario, promovieran la deshumanización de la ayuda. Una nueva visión sobre el efecto de la deambulación y de la posición durante el trabajo de parto y el parto está siendo incentivados y dando oportunidad de evidenciar una serie de ventajas y beneficios para la madre y el niño.This article presents a reflection on the determinants factors that lead to changes in the position of woman from vertical to horizontal in the delivery process. The institutionalization of the labor and birth process that promoted a lot of changes in the woman and family assistance. Many practicals preserved the autonomy respect and the cultural values that give

  7. Evaluación de los resultados del programa 'Parto en el hospital, comadrona en casa'

    OpenAIRE

    Crespo Mirasol, Esther; España, M.Carmen; Basteiro, Elena; Zegarra, Mary Michel; Botet Mussons, Francisco; Pérez, José María; Arranz Betegón, Ángela; Palacio i Riera, Montserrat

    2015-01-01

    Objetivo: Describir las características y la evolución clínica de las puérperas y los neonatos incluidos en un programa de alta precoz hospitalaria. Material y método: Estudio observacional y descriptivo de la población incluida en el programa «Parto en el hospital, comadrona en casa», del Hospital Clínic de Barcelona, desde octubre de 2010 hasta abril de 2013. Resultados: Participaron un total de 150 madres, con una edad (media ± desviación estándar) de 32 ± 4 años. El 70% (n= 105) eran mult...

  8. ESTUDIO BACTERIOLÓGICO DEL LIQUIDO AMNIÓTICO DURANTE EL EMBARAZO Y PARTO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eduardo Acosta Bendek

    1984-11-01

    Full Text Available

    Se estudiaron 220 muestras del líquido amniótico, obtenidas en condiciones estériles y sembradas en medios de cultivos aeróbico y unos pocos casos en anaeróbico: al mismo tiempo se hacía extendido en coloración de Gram. El primer grupo de 110 muestras
    fueron tomadas durante la operación cesárea: 68 casos sin trabajo de parto de los cuales 64 con membranas íntegras, y 4 con membranas rotas de más de 6 horas; la contaminación bacteriana del líquido amniótico fue detectada en el 12.5 % en los casos de
    membranas íntegras y en 500/0 en los casos de membranas rotas. Los 42 casos restantes eran de más de 12 horas de trabajo de parto y con membranas rotas; la contaminación del líquido amniótico fue detectada en el 26.50/0.
    Se examinaron 85 placentas y se encontró placentitis leve en un 2.350/0, placentitis severa en 1.1% Y placentitis moderada en 4.70/0.
    El segundo grupo de 110 muestras fueron tomadas al final de la primera etapa del parto encontrándose una contaminación bacteriana en un 200/0. Los microorganismos
    aislados del líquido amniótico fueron los siguientes. Estafilococo Epidermides, E. coli y Estreptococo viridans.
    Es bueno anotar que del primer grupo sólo se registró contaminación del líquido amniótico en un 12.50/0 en cesárea electiva con membranas íntegras; y en el segundo grupo en trabajo de parto y membranas íntegras la contaminación del líquido amniótico fue de un
    200/0. La incidencia total de contaminación del líquido amniótico en el primer grupo fue de un 20.90/0 Y en el segundo grupo de un 200/0. El índice de contaminación en el líquido amniótico en el total de los casos 46 con membranas rotas fue de 28.2%.

    Los microorganismos hallados en el líquido amniótico son los mismos que se encuentran en la flora vaginal y en el cérvix.

    La morbilidad materno-fetal del primer grupo fue del 1.1% Ydel segundo grupo fue de O.

  9. Vivencias de familiares en sala de espera de trabajo de parto

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Dora Isabel Giraldo-Montoya

    2016-01-01

    Full Text Available Objetivo: describir las vivencias de los familiares en sala de espera de trabajo de parto. Materiales y métodos: estudio cualitativo etnográfico. Se entrevistaron diez participantes y cuatro grupos focales; la saturación se logró cuando los investigadores no encontraron más explicación, interpretación o descripción de la experiencia. Para el análisis, se usó el método de Spradley, se construyeron categorías y dominios, y se realizó análisis taxonómico. Se desarrollaron notas de campo y observación participante. Se utilizó el software Atlas ti. Resultados: los familiares experimentan necesidades de información oportuna y eficiente. El lenguaje verbal y no verbal y el contenido de la información les produjo ansiedad e incertidumbre. Los familiares sienten la necesidad de acompañar a la gestante durante el trabajo de parto para brindarle apoyo. El ambiente en la sala de espera depende de los factores internos del familiar y los factores externos de la sala. La educación en la sala de espera representó una excelente oportunidad para aprovechar el tiempo. Emergieron los dominios: comunicación terapéutica, acompañamiento, ambiente y educación. Conclusión: el significado cultural de esperar es un acontecimiento de la vida altamente significativo, atravesado por cuatro circunstancias: la comunicación, el acompañamiento, el ambiente de la sala y la educación, situaciones que cambiaron la experiencia del nacimiento.

  10. Qualidade da assistência ao trabalho de parto pelo Sistema Único de Saúde, Rio de Janeiro (RJ, 1999-2001 Calidad de asistencia en el trabajo de parto por el Sistema Único de Salud, Rio de Janeiro (RJ, 1999-2001 Quality assessment of labor care provided in the Unified Health System in Rio de Janeiro, Southeastern Brazil, 1999-2001

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Inês Couto de Oliveira

    2008-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: A qualidade da assistência ao trabalho de parto tem sido reconhecida na prevenção de complicações obstétricas que podem levar à morbi-mortalidade materna, perinatal e neonatal. O objetivo do estudo foi analisar a qualidade da assistência ao trabalho de parto segundo o risco gestacional e tipo de prestador. MÉTODOS: Estudo transversal de observação da assistência ao trabalho de parto de 574 mulheres, selecionadas por amostra estratificada em 20 maternidades do Sistema Único de Saúde do Rio de Janeiro (RJ, entre 1999 e 2001. A qualidade da assistência foi analisada segundo o risco gestacional e o tipo de prestador. Utilizaram-se procedimentos estatísticos de análise de variância e de diferença de proporções. RESULTADOS: Do total da amostra, 29,6% das gestantes foram classificadas como de risco. Apesar da hipertensão ser a causa mais importante de morte materna no Brasil, a pressão arterial não foi aferida em 71,6% das gestantes durante a observação no pré-parto. Em média foram feitas cinco aferições por parturiente, sendo o menor número nos hospitais conveniados privados (média de 2,9. Quanto à humanização da assistência, observou-se que apenas 21,4% das parturientes tiveram a presença de acompanhante no pré-parto, 75,7% foram submetidas à hidratação venosa e 24,3% à amniotomia. O único tipo de cuidado que variou segundo o risco obstétrico foi a freqüência da aferição da pressão arterial, em que as gestantes de risco foram monitoradas o dobro de vezes em relação às demais (média de 0,36 x 0,18 aferições/h respectivamente, p=0,006. CONCLUSÕES: De modo geral, as gestantes de baixo risco são submetidas a intervenções desnecessárias e as de alto risco não recebem cuidado adequado. Como conseqüência, os resultados perinatais são desfavoráveis e as taxas de cesariana e de mortalidade materna são incompatíveis com os investimentos e a tecnologia disponível.OBJETIVO: La calidad

  11. Determinações e relações dos parâmetros anaeróbios do RAST, do limiar anaeróbio e da resposta lactacidemica obtida no início, no intervalo e ao final de uma partida oficial de handebol

    OpenAIRE

    Roseguini,Alex Zelanti; Silva,Adelino Sanchez Ramos da; Gobatto,Claudio Alexandre

    2008-01-01

    O principal objetivo do presente estudo foi determinar os parâmetros anaeróbios obtidos através do RAST (Running-based Anaerobic Sprint Test) e o limiar anaeróbio de 12 atletas filiados a Federação Paulista de Handebol. Além disso, também procuramos verificar as correlações entre as variáveis do RAST, o limiar anaeróbio e a resposta lactacidemica obtida no início, no intervalo e ao final de uma partida oficial de handebol. As avaliações foram conduzidas em 2 dias. No primeiro dia, os atletas ...

  12. Comparative analysis between the cytobrush and low-volume uterine flush techniques for endometrial cytology in clinically normal postpartum crossbred dairy cowsComparação das técnicas de citologia endometrial escova citológica e lavado uterino de baixo volume no pós-parto de vacas leiteiras mestiças

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João Paulo Elsen Saut

    2013-10-01

    . O exame ginecológico foi executado pela palpação retal, ultrassonografia, vaginoscopia, avaliação de muco vaginal e CE realizada com escova citológica (CB ou por lavado uterino de baixo volume (LVF. A concordância (Kappa statistic entre os técnicos na contagem da porcentagem de neutrófilos foi boa para CB (86% e para LVF (80,3%. A média de neutrófilos foi maior em todos os momentos na técnica de LVF, porém a redução de neutrófilos foi observada durante o pós-parto nas duas técnicas de citologia. A contagem de macrófagos, linfócitos e eosinófilos não variou durante o pós-parto e não houve diferença entre as técnicas CB e LVF. Houve diferença apenas aos 28 dpp, na porcentagem de vacas com endometrite subclínica, entre as técnicas CB (22.2% e LVF (59.3%.

  13. A prova de trabalho e a via de parto em primíparas com uma cesárea anterior Factors associated with mode of delivery among primipara women with one previous cesarean section and undergoing a trial of labor

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jacinta Pereira Matias

    2007-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Identificar fatores associados à cesárea em mulheres com um único parto anterior por cesárea e submetidas à prova de trabalho de parto. MÉTODOS: Estudo de corte transversal retrospectivo, incluindo 1746 mulheres com uma cesárea anterior submetidas à prova de trabalho de parto no segundo parto ocorrendo entre 1986 e 1998. Foram excluídos os casos com atual gestação múltipla e/ou com malformações fetais incompatíveis com a vida. Elas foram divididas pelo tipo de parto atual em dois grupos: cesárea (n=731 e parto vaginal após cesárea (PVAC, n=1015. A análise estatística para a identificação de fatores associados ao tipo de parto foi feita por meio do cálculo da razão de prevalência (RP e IC 95%, sendo feito também o ajuste por idade, excluindo-se os casos com informações ignoradas em cada análise. RESULTADOS: A taxa total de parto vaginal após cesárea foi de 58,1%. Os fatores significativamente associados com parto por cesárea foram: maior idade materna, maior altura uterina (RP 1,5; IC 95% 1,19-1,88, rotura prematura de membranas (1,3; 1,08-1,54, líquido amniótico não claro (1,22; 1,04-1,43 ou com quantidade alterada (1,32; 1,01-1,73, alteração dos batimentos cardíacos fetais (1,96; 1,68-2,28, apresentação não cefálica (2,03; 1,54-2,66, indução do parto (1,74; 1,42-2,11 e ausência de analgesia (2,57; 2,11-3,11. CONCLUSÃO: Os fatores associados ao parto por cesárea foram a maior idade, apresentação não-cefálica, rotura prematura de membranas, fetos grandes, necessidade de indução do trabalho de parto, e sinais de comprometimento da vitalidade fetal.OBJECTIVE: To identify factors associated with cesarean section in women with only one previous delivery by cesarean section and undergoing a trial of labor. METHODS: A retrospective cross sectional study was performed from 1986 to 1998 including a total of 1746 women with one prior cesarean section and delivering after a trial of labor

  14. Conceitualização pelas enfermeiras de preparação para o parto Conceptualización de los enfermeros de preparación para el parto Nurses' conceptualization on childbirth preparation

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Germano Rodrigues Couto

    2006-04-01

    Full Text Available Estudo descritivo, exploratório e qualitativo, realizado mediante a utilização da Técnica de Delphi com amostra de 32 enfermeiras especialistas em Enfermagem de Saúde Materna e Obstétrica que exercem funções em 3 hospitais e 9 centros de saúde do distrito do Porto, norte de Portugal. Teve como objetivos: 1. identificar as idéias e concepções consensuais que um grupo de enfermeiras possui sobre a Preparação para o Parto; 2. saber quais as fontes de informação que consensualmente são mais utilizadas pelas enfermeiras; 3. saber qual a sua aceitação acerca de programas sobre Preparação para o Parto como forma da grávida ter um trabalho de parto ativo. Os resultados revelaram que a Preparação para o Parto é, segundo as enfermeiras estudadas, um momento de educação para a saúde, que envolve procedimentos técnicos, educacionais, relacionais e informativos; de grande importância para a grávida e para a enfermeira, desenrolando-se desde o início da gravidez até o puerpério, como um meio de alterar comportamentos errados com vistas a um resultado esperado com ganhos de saúde para a grávida e sua família.Estudio descriptivo, exploratorio y cualitativo, realizado mediante la utilización de la Técnica de Delphi a una muestra de 32 enfermeras especialistas en Enfermería de Salud Materna y Obstetricia que ejercen funciones en 3 hospitales y 9 centros de Atención Primaria del distrito de Oporto, al norte de Portugal. Tuvo como objetivos: 1. identificar las ideas y concepciones que un grupo de enfermeras posee sobre la Preparación para el Parto; 2. saber cuales son las fuentes de información mas utilizadas por las enfermeras; 3. saber cual es su aceptación sobre programas de Preparación para el Parto y como ayudar a la embarazada en el trabajo de parto. Los resultados revelaron que la Preparación para el Parto es, según las enfermeras de este estudio, un momento de educación para la salud, que envuelve

  15. Evolução da migração de partos para Aracaju, Sergipe, Brasil, 1970-1996 Shift in demand for childbirth services from rural Sergipe State to the capital city, Aracaju, Brazil, 1970-1996

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ricardo Queiroz Gurgel

    2003-02-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo é descrever a evolução da migração de partos do interior do Estado de Sergipe para a capital (Aracaju, no período compreendido entre 1970 e 1996. Para tanto utilizou-se a informação "município de residência da mãe" cujo parto ocorreu nas maternidades de Aracaju, nos anos de 1970, 1976, 1986 e 1996. Ao se estudar as proporções de mães não residentes em Aracaju, verificaram-se diferenças significativas, sendo que o período com maiores percentuais de migração ocorreu entre 1976 e 1986. A migração foi estimulada pela melhoria das rodovias que dão acesso à capital (a partir de 1970 e pelo incentivo político com fins eleitoreiros (clientelismo. Assim, a melhoria na estrutura hospitalar do interior não impediu o aumento da migração para a capital. Em Sergipe, no período em estudo, houve um crescimento de 134,6% do número de partos ocorridos na capital, provenientes de outras localidades. Além disso, observa-se intensidades de variação diferenciadas, quando se analisa o fenômeno por regiões, tendo em vista a melhoria das condições de acessibilidade. Faz-se necessária a regionalização e hierarquização da assistência ao parto e ao recém-nascido, para que se possa dar um atendimento adequado às gestantes e aos seus filhos.This study analyzes trends in the migration of childbirth from rural areas of Sergipe State, Brazil, to the capital city, Aracaju, from 1970 to 1996. Data on "mother's place of residence" were obtained from mothers whose children were born in maternity hospitals in Aracaju in 1970, 1976, 1986, and 1996. Significant differences occurred in the proportion of mothers who resided outside of Aracaju but came there to give birth, especially from 1976 to 1986. This shift was stimulated by improvement of State highways and the granting of personal political favors in exchange for votes. Changes in the State hospital structure did not appear to have influenced the childbirth shift

  16. Obstrução das vias aéreas com risco para a vida, causada por edema de via aérea superior e inchaço cervical significativo depois do trabalho de parto/parto

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Junko Ushiroda

    2013-12-01

    Full Text Available EXPERIÊNCIA E OBJETIVOS: Em geral, alterações nas vias aéreas ocorrem em grávidas normais; no entanto, essas alterações podem gerar situações críticas em populações específicas. OBJETIVOS: Esse artigo apresenta o caso de uma paciente que entrou em choque por causa de sangramento atônico em seguida a parto vaginal de natimorto. RELATO DE CASO: Mulher com 32 anos com sangramento atônico em seguida a parto vaginal de natimorto foi transferida para nosso hospital. A paciente manifestou choque e seu estado respiratório estava em progressiva deterioração. Ficou evidenciada obstrução das vias aéreas causada por inchaço cervical e edema faringolaríngeo. Tentamos intubação traqueal utilizando laringoscopia direta e indireta. No entanto, não foi possível inserir qualquer dos dispositivos de laringoscopia tentados. Depois de várias tentativas com TrachlightTM, finalmente obtivemos sucesso com a intubação. Depois da histerectomia, a paciente foi internada na unidade de terapia intensiva (UTI, onde ficou em tratamento durante cinco dias. Ao receber alta da UTI, tinha escore de Mallampati I-II. Durante sua estadia na UTI, seu peso diminuiu de 60 kg para 51 kg. CONCLUSÕES: É provável que episódios simultâneos de trabalho de parto/parto e de ressuscitação com fluidos pioraram suficientemente o edema de via aérea e o inchaço cervical a ponto de causar obstrução aguda das vias aéreas e dificuldade na laringoscopia.

  17. Una aplicación de las funciones débilmente contractivas a problemas de valor en la frontera de funciones con valores en intervalos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vladimir Angulo-Castillo

    2014-06-01

    Full Text Available Se estudia la existencia y unicidad de soluciones para problemas de valor en la frontera asociadas a ecuaciones diferenciales de funciones con valores en intervalos, usando la derivada de Hukuhara y algunos teoremas de punto fijo de funciones débilmente contractivas definidas en conjuntos parcialmente ordenados. Abstract. We study the existence and uniqueness of solutions for boundary value problems associated to differential equations of interval-valued functions, by using the derivative of Hukuhara and some fixed point theorems for weakly contractive mappings defined on partially ordered sets.

  18. EFECTO DEL INTERVALO DE PODA SOBRE LA BIOMASA FOLIAR Y RADICAL EN ÁRBOLES FORRAJEROS EN MONOCULTIVO Y ASOCIADOS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernando Casanova Lugo

    2010-06-01

    Full Text Available   El objetivo del presente trabajo fue evaluar el efecto de la poda a intervalos de 3 y 6 meses sobre el rendimiento de forraje, la relación hoja:tallo y la densidad de raíces finas en un banco de forraje de especies arbóreas. Se utilizaron 24 parcelas de 10 x 10 m de Leucaena leucocephala (Lam. de Wit (8 parcelas, Guazuma ulmifolia Lam. (8 parcelas y la asociación de ambas especies (8 parcelas. La poda a 3 meses incrementó hasta 3 veces el rendimiento de forraje acumulado (P

  19. Inclusión del Intervalo Interestral (IIE) como elemento diagnóstico de la fertilidad del rebaño bovino

    OpenAIRE

    M.Sc José A Betancourt Betancourt.

    2005-01-01

    ResumenA partir de los registros de 1404 bovinos lecheros de la raza Siboney de 6 empresas ganaderas de la provincia de Camaguey se realizó un análisis estadístico para determinar que variable de las estudiadas influyeron sobre el intervalo interestral (IIE). Se determinó que todos los factores que influyeron sobre el IIE pueden ser corregidos con acciones de manejo y organización del trabajo, y corrobora que el IIE es un valioso elemento diagnóstico de la fertilidad del rebaño bovino que ref...

  20. A abordagem global do Fisioterapeuta na dor pélvica no pós-parto

    OpenAIRE

    Sancho, Maria

    2010-01-01

    O presente estudo de caso surge no âmbito da prática clínica privada, na área de intervenção da fisioterapia na saúde da mulher, em particular na intervenção multifactorial em sequelas após parto. Iremos descrever e analisar o processo da fisioterapia aplicado a uma mulher de 34 anos com dor lombar/pélvica a qual teve início três semanas após o parto do seu terceiro filho. Este sintoma considerado como principal, que levou à procura dos cuidados de fisioterapia, além das implicações ao nív...

  1. Fatores de risco para remoção neonatal da Casa de Parto de Sapopemba - São Paulo.

    OpenAIRE

    Marcia Duarte Koiffman

    2006-01-01

    A Casa do Parto de Sapopemba (CPS) é uma unidade autônoma, isolada do hospital, integrada ao Sistema Único de Saúde. Atende mulheres com gestação de baixo risco e a assistência é prestada exclusivamente por obstetrizes e enfermeiras obstétricas. Este modelo tem sido criticado em relação à segurança para a mulher e recém-nascido. A literatura aponta menos intervenções desnecessárias e maiores níveis de satisfação das mulheres atendidas em casas de parto. No Brasil existem poucos estudos sobre ...

  2. Abordagem fisioterapêutica no pré-parto: proposta de protocolo e avaliação da dor

    OpenAIRE

    Castro,Amanda de Souza; Castro,Ana Carolina de; Mendonça,Adriana Clemente

    2012-01-01

    O objetivo deste estudo foi avaliar os efeitos da abordagem fisioterapêutica no pré-parto e propor um protocolo de intervenção baseado na escala visual analógica (EVA) de dor. Dez parturientes, na primeira fase do trabalho de parto, foram questionadas quanto à dor através da EVA e, com base nas respostas, foi proposto um protocolo, EVA 1-3: cinesioterapia, técnicas respiratórias, relaxamento e estímulo à deambulação; EVA 4-7: massoterapia, técnicas respiratórias, relaxamento e estímulo à deam...

  3. REPERCUSSÕES, MATERNAS E PERINATAIS, DA ASSISTÊNCIA FISIOTERAPÊUTICA À GESTANTE DURANTE O TRABALHO DE PARTO.

    OpenAIRE

    Vanessa Lago Morin

    2013-01-01

    Introdução: A gestação e o parto são considerados fenômenos complexos e importantes para a mulher e a sua família, uma vez que envolvem aspectos psicológicos, físicos, sociais, econômicos e culturais. Na assistência ao parto verifica-se, atualmente, a falta de atitudes, comportamentos e tomadas de decisão que beneficiem a dinâmica materno-fetal, independentemente das intervenções médicas e de enfermagem que eventualmente ocorram. Sendo assim, observando-se a complexidade de acontecimentos e m...

  4. Another Look at the PART-O Using the Traumatic Brain Injury Model Systems National Database: Scoring to Optimize Psychometrics.

    Science.gov (United States)

    Malec, James F; Whiteneck, Gale G; Bogner, Jennifer A

    2016-02-01

    To integrate previous approaches to scoring the Participation Assessment with Recombined Tools-Objective (PART-O) in a unidimensional scale. Retrospective analysis of PART-O data from the Traumatic Brain Injury Model Systems. Community. Data from individuals (N=469) selected randomly from participants who completed 1-year follow-up in the Traumatic Brain Injury Model Systems were used in Rasch model development. The model was subsequently tested on data from additional random samples of similar size at 1-, 2-, 5-, 10-, and >15-year follow-ups. Not applicable. PART-O. After combining items for productivity and social interaction, the initial analysis at 1-year follow-up indicated relatively good fit to the Rasch model (person reliability=.80) but also suggested item misfit and that the 0-to-5 scale used for most items did not consistently show clear separation between rating levels. Reducing item rating scales to 3 levels (except combined and dichotomous items) resolved these issues and demonstrated good item level discrimination, fit, and person reliability (.81), with no evidence of multidimensionality. These results replicated in analyses at each additional follow-up period. Modifications to item scoring for the PART-O resulted in a unidimensional parametric equivalent measure that addresses previous concerns about competing item relations, and it fit the Rasch model consistently across follow-up periods. The person-item map shows a progression toward greater community participation from solitary and dyadic activities, such as leaving the house and having a friend through social and productivity activities, to group activities with others who share interests or beliefs. Copyright © 2016 American Congress of Rehabilitation Medicine. Published by Elsevier Inc. All rights reserved.

  5. Mães Waldorf: gestação e parto na comunidade antroposófica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Raquel Littério de Bastos

    2017-12-01

    Full Text Available As recentes pesquisas em Ciências Sociais e Saúde Coletiva apontam para diferentes contornos sobre o ato de parir na contemporaneidade. Em 2013, por seis meses, realizamos uma etnografia sobre a cura na Antroposofia no bairro rural da Demétria, em Botucatu, São Paulo. Neste artigo, buscamos refletir sobre as orientações da medicina romântica da Antroposofia destinadas à gestação e ao parto em uma comunidade rural antroposófica e as relações estabelecidas com a biomedicina e com serviços de saúde. O contato com as mães e gestantes mostrou a existência de uma gramática emocional na qual a gestante é levada a buscar purificação e controle corporal, além de um silêncio religioso na hora de enfrentar as dores do parto como demonstração de coragem. Quando buscam acessar serviços de saúde, as expectativas sobre o parto se colocam distantes das práticas e concepções da medicina convencional.

  6. Vivenciando o parto humanizado: um estudo fenomenológico sob a ótica de adolescentes Vivenciando el parto humanizado: un studio fenomenológico bajo la optica de adolescentes Living the humanized delivery: a phenomenological study from the point of view of adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Zuleyce Maria Lessa Pacheco de Oliveira

    2002-06-01

    Full Text Available Este estudo teve por objetivo compreender o que significa para as adolescentes passarem pelo parto dito humanizado. Paraisso, utilizei a fenomenologia como trajetória de pesquisa, para chegar a essência do fenômeno. Participaram do estudooito adolescentes que foram atendidas no Hospital Sofia Feldman, instituição filantrópica, sem fins lucrativos - BeloHorizonte/MG. Para a coleta de dados utilizei observação de campo e entrevista aberta. O estudo possibilitou apreender trêscategorias de análise: Pré-parto/Parto: o corpo sendo controlado; Pré-parto/Parto: misto de dor e de prazer; PartoHumanizado: a assistência esperada e desejada.Este estudio tuvo como objetivo compreender lo que significa para las adolescentes el hecho de pasar por un parto dichohumanizado. Para esto, utilizé la fenomenologia como trayectoria de investigación, para llegar a la esencia del fenómeno.Participaron del estudio adolescentes que fueron atendidos en el Hospital Sofia Feldman, instituición filantrópica, sinfines de lucro - Belo Horizonte/MG. Para la colecta de datos utilizé observación de campo y entrevista abierta. El estudioposibilitó aprender tres categorias de análisis: Pre-parto/Parto: el cuerpo siendo controlado; Pre-parto/Parto: mixto dedolor y de placer; Parto Humanizado: la asistencia deseada y esperada.The purpose of this study was to comprehend the meaning of the humanized childbirth experience for teenage parturients.Phenomenology was adopted as the way to achieve the essence of the phenomenon. Eight teenagers who were assisted atthe Sofia Feldman Hospital - a philantropic and non-profit-making institution-Belo Horizonte/MG - Brazil - have takenpart of this study. Field work and open interview were the proceedures used for data collection. The study made itpossible to seize three categories of analysis: Prechildbirth/Chilbirth - the body is being controlled. Prechildbirth/Chilbirth - a combination of pain and pleasure; Humanized

  7. Avaliação do risco para parto prematuro espontâneo pelo comprimento do colo uterino no primeiro e segundo trimestres da gravidez Risk assessment for spontaneous preterm delivery according to cervical length in the first and second trimesters of pregnancy

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mário Henrique Burlacchini de Carvalho

    2002-08-01

    Full Text Available Objetivos:avaliar, no primeiro e segundo trimestres da gravidez, a correlação entre o comprimento do colo uterino e a ocorrência de parto prematuro espontâneo. Métodos:em 641 grávidas do pré-natal geral, a medida do comprimento do colo uterino foi realizada em dois momentos: entre a 11ª e a 16ª e entre a 23ª e a 24ª semana da gravidez. A avaliação do colo uterino foi feita pela ultra-sonografia transvaginal, com a grávida em posição ginecológica e tendo realizado previamente esvaziamento da bexiga. O comprimento do colo uterino foi medido linearmente do seu orifício interno ao externo. A medida do comprimento do colo uterino foi correlacionada com a idade gestacional no momento do parto. Para comparação das médias do grupo de grávidas que tiveram parto prematuro e a termo utilizamos o teste t de Student. A sensibilidade, especificidade, taxa de falso-positivos, falso-negativos e acurácia para o parto prematuro foram calculadas para os comprimentos de colo menores ou iguais a 30 mm, 25 mm e 20 mm. Resultados:a medida do comprimento do colo uterino entre a 11ª e a 16ª semana de gestação não apresentou diferença significativa entre o grupo de parto prematuro e o grupo a termo (40,6 mm e 42,7 mm, respectivamente, p=0,2459. A diferença entre os grupos, no entanto, foi significativa quando o colo foi medido entre a 23ª e a 24ª semana de gravidez (37,3 mm para o grupo que evoluiu com parto prematuro e 26,7 mm para o grupo a termo, p=0,0001, teste t de Student. Conclusões:o comprimento do colo uterino entre a 11ª e a 16ª semana de gravidez não foi significativamente diferente entre as gestantes com parto prematuro ou a termo. No entanto, na 23ª e 24ª semana esta diferença foi significativa, podendo ser um método de predição da prematuridade.Purpose: to evaluate, in the first and second trimesters of pregnancy, the correlation between cervical length and spontaneous preterm delivery. Methods: cervical length was

  8. Doulas na assistência ao parto: concepção de profissionais de enfermagem Doulas en la asistencia al parto: concepción de los profesionales de enfermería DOULAS in delivery assistance: perceptions of nursing professionals

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Denise da Silva Santos

    2009-09-01

    Full Text Available Estudo descritivo, exploratório. Objetivou descrever a concepção das profissionais de enfermagem sobre a participação das doulas na assistência à mulher no trabalho de parto. Utilizou abordagem qualitativa com entrevista semiestruturada. Os sujeitos foram 11 auxiliares/técnicas de enfermagem e 5 enfermeiras (os atuantes no centro obstétrico de uma maternidade pública em Salvador, Bahia. Os resultados apontaram para três categorias: da ideia à realidade da iniciativa "doulas na sala de parto"; facilidades e dificuldades com a presença destas. Constata-se que essa iniciativa objetivou preencher a lacuna do acompanhante no centro obstétrico da instituição. Dentre as facilidades identificadas, têm relevância a substituição da família e o conforto físico proporcionado à mulher, e, como dificuldades, observam-se a indefinição do papel e a falta de clareza no limite de atuação das doulas. Apreendeu-se que as depoentes reconhecem a importância da atuação da doula, mas enfatizam problemas decorrentes da forma de inserção das doulas no serviço.Estudio descriptivo, exploratorio. El objetivo del presente fue describir el concepto de las profesionales de enfermería sobre la participación de las doulas en la asistencia a la mujer durante el trabajo de parto. El abordaje cualitativo con entrevista semiestructurada fue usado como método de estudio. Participaron 11 auxiliares/técnicas de enfermería y 5 enfermeras (os del Centro Obstétrico de una maternidad pública en Salvador-Bahia. Los resultados apuntaron para 3 categorias: de la idea a la realidad de la iniciativa doulas en la sala de parto; facilidades y dificultades de la actuación y presencia de la doulaen la sala de parto.. Se constató que esta iniciativa tiene como objetivo completar la falta de acompañante en el centro obstétrico de la institución. Entre las facilidades identificadas adquiere relevancia la substitución de la familia y el confort f

  9. Depressão pós-parto: evidências a partir de dois casos clínicos Postpartum depression: evidence from two clinical cases

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Giana Bitencourt Frizzo

    2010-04-01

    Full Text Available O presente estudo examinou a conjugalidade em duas famílias em que a esposa apresentava depressão pós-parto, com base no Inventário Beck de Depressão e em uma entrevista diagnóstica. Os maridos não apresentavam depressão. Foi utilizado delineamento de estudo de casos para investigar como a conjugalidade era vivenciada nesse contexto. As entrevistas foram realizadas individualmente com ambos membros do casal, tendo sido gravadas e posteriormente transcritas. Os resultados revelaram que a conjugalidade estava sendo experienciadas com dificuldades em ambas as famílias, mas de maneira particular em cada caso, especialmente com relação à comunicação entre o casal e conseqüente estrutura da relação conjugal. Os resultados corroboraram a literatura, que associa a depressão com dificuldades na conjugalidade, mas indicam que há diferentes aspectos que podem ser afetados em cada família.The present study investigated the conjugality in two families in which the wife had postpartum depression, according to the Beck Depression Inventory and a diagnostic interview. The husbands did not have depression. A case-study design was used in order to analyze how conjugality was being experienced in this context. The interviews were individually conducted with both members of the couple. They were audiotaped and transcribed. The results revealed that the conjugality was being experienced with difficulties in both families, but in a particular way in each case, especially regarding the communication between the couple and the structure of the matrimonial relationship. The results corroborated with the literature, which associates the depression with difficulties in the conjugality, but they indicate that there are different aspects that may be affected in each family.

  10. La enfermedad periodontal como factor de riesgo de parto pretérmino y de bajo peso al nacer en el Hospital Nacional Cayetano Heredia 2002-2003.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Christian Alberto Lizarraga Marroquin

    2005-07-01

    Full Text Available Objetivo: Evaluar la relación entre parto pretérmino (PP y de bajo peso (BP al nacer (PPBP y la enfermedad periodontal (EP materna. Materiales y Métodos: Estudio tipo casos y controles de 156 madres, 53 casos (madres de bebés con PPBP y 103 controles (bebés de madres nacidos con >37 semanas y más de 2 500g. Se interrogó a las madres y se revisó las historias clínicas, se registraron datos como: grado de instrucción, estado civil, hábitos de fumar, alcohol, drogas y otros factores de riesgo conocidos. Un solo examinador calibrado registró los indicadores periodontales: profundidad al sondaje, nivel de inserción clínica, sangrado al sondaje y presencia de placa. El análisis se hizo con técnicas de estratificación o regresión logística. Resultados: Los niños pretérminos con y sin bajo peso y a término con bajo peso tienen poco más del doble de probabilidad de tener madres con pérdida de nivel de inserción clínica OR 2,14 (IC 95% 1,24-3,68. Hay asociación de PPBP con la pérdida del nivel de inserción clínica, controlando por peso materno, número de controles prenatales y antecedentes de hijos con BP al nacer. Conclusión: La enfermedad periodontal es un factor de riesgo independiente y potencial de PPBP (Rev Med Hered 2005;16:172-177.

  11. El maltrato entre iguales /

    OpenAIRE

    Casero Cea, María Aranzazu

    2014-01-01

    Se trata el tema del “Maltrato entre iguales” , es decir del maltrato entre los propios alumnos y alumnas dentro o maltrato en el aula, y las posibilidades que existen para llegar desde este conflicto a una posible cooperación para solucionar o paliar este problema existente hoy en día con bastante frecuencia en los Centros

  12. Prevalência e preditores de sintomatologia depressiva após o parto Prevalence and predictors of depressive symptoms after childbirth

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Raquel Costa

    2007-01-01

    Full Text Available CONTEXTO: A depressão pós-parto é uma patologia que ocorre nas primeiras semanas após o parto com conseqüências negativas não só para a mãe, como também para o bebê e para a família. OBJETIVO: Examinar a prevalência de depressão após o parto, bem como as circunstâncias suscetíveis de predizer a sintomatologia depressiva 1 semana e 3 meses após o parto. MÉTODOS: 197 grávidas preencheram o Questionário de Antecipação do Parto (QAP (Costa et al., 2005a no segundo trimestre de gestação. Na primeira semana após o parto, responderam ao Questionário de Experiência e Satisfação com o Parto (QESP (Costa et al., 2005b e à Edinburgh Postnatal Depression Scale (EPDS (Augusto et al., 1996, esta última aplicada novamente no terceiro mês do puerpério. RESULTADOS: Uma percentagem significativa de mulheres encontra-se clinicamente deprimida (EPDS 13 na primeira semana e 3 meses após o parto (12,4% e 13,7%, respectivamente. Das que têm EPDS > 13 na primeira semana, 25% estão ainda deprimidas 3 meses após o parto. Circunstâncias relativas à saúde física, à experiência emocional de parto e ao primeiro contato com o bebê predizem a sintomatologia depressiva na primeira semana do puerpério. A sintomatologia depressiva na primeira semana após o parto e a experiência emocional negativa de parto predizem a sintomatologia depressiva 3 meses após o parto. CONCLUSÕES: Constata-se a importância da experiência emocional de parto e do primeiro contato com o bebê, enfatizando a necessidade de atender às necessidades psicológicas da mulher.BACKGROUND: Postnatal depression is a pathology occurring in the first weeks after childbirth with negative consequence not only for mothers, but also for theirs babies and families. OBJECTIVE: To examine the prevalence of postnatal depression and factors that might predict depressive symptoms one week and three months after childbirth. METHODS: 197 pregnant women filled out the

  13. Efeitos de diferentes intervalos de recuperação no desempenho muscular isocinético em idosos Effects of different rest intervals on isokinetic muscle performance among older adults

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    C Ernesto

    2009-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Comparar os efeitos de diferentes intervalos de recuperação (IR entre séries de contração isocinética no desempenho muscular em idosos. MÉTODOS: Vinte idosos voluntários (66,9±3,9 anos, 76,1±13,4kg, 169±5,2cm foram submetidos a três sessões de exercício resistido isocinético unilateral da musculatura extensora do joelho com diferentes IR (1 minuto, 2 minutos, e 3 minutos na velocidade de 60°•s-1. Cada sessão consistia em três séries de 10 repetições durante as quais foram avaliados o pico de torque (PT, trabalho total (TT e índice de fadiga (IF. ANOVA fatorial para medidas repetidas, com a análise de Post hoc por Bonferroni, foi utilizada para identificar possíveis diferenças entre os IR. O nível de significância estatístico utilizado foi de p0,05. Apesar de ter sido observado menor desempenho muscular na 3ª série em todos os IR, maiores quedas no PT, TT e IF foram observadas quando adotado o IR de 1minuto (pOBJECTIVE: To compare the effects of different rest intervals (RI between sets of isokinetic contractions on muscle performance in older adults. METHODS: Twenty older participants (66.9±3.9 years; 76.1±13.4kg; 169±5.2cm underwent three sessions of unilateral isokinetic training for the knee extensor muscles, with different RI (1 minute, 2 minutes and 3 minutes at an angular velocity of 60°•s-1. Each session consisted of three sets of 10 repetitions, during which the peak torque (PT, total work (TW and fatigue index (FI were evaluated. Factorial ANOVA for repeated measurements, with Bonferroni post-hoc analysis, was used to identify possible differences between the RI. The statistical significance level was set at p0.05. Although muscle performance was lower during the third sets with all RI, the greatest decreases in PT, TW and FI occurred with the 1 minute RI (p<0.05. CONCLUSIONS: The results showed that the RI variable has an important influence on isokinetic muscle performance in older

  14. Barriers to hospital births: why do many Bolivian women give birth at home? Barreras al parto hospitalario: ¿por qué muchas bolivianas dan a luz en casa?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kelsey E. Otis

    2008-07-01

    investigó la baja tasa de partos en hospitales y centros de salud de Yapacaní, Bolivia, que persiste a pesar del programa nacional de seguro materno-infantil diseñado para garantizar el acceso equitativo a centros gratuitos de atención sanitaria para embarazadas. El objetivo de este estudio fue identificar los factores que a diversos niveles inhiben el acceso a centros públicos de salud para partos y su utilización. MÉTODOS: Se emplearon métodos cualitativos, entre ellos la observación participante, entrevistas semiestructuradas a 62 miembros de la comunidad y entrevistas a informantes clave con ocho expertos regionales. Los datos se codificaron y analizaron mediante el enfoque de teoría fundamentada. RESULTADOS: A partir de las entrevistas semiestructuradas se identificaron cinco razones para la baja tasa de partos institucionales y se establecieron sus frecuencias: 1 miedo o vergüenza a atenderse en un centro público de salud (37%; 2 baja calidad de la atención en los centros de salud (22%; 3 lejanía u otras barreras geográficas que impedían llegar oportunamente a los centros de salud (21%; 4 limitaciones económicas que impedían hacer el viaje o utilizar los servicios (14%; y 5 la percepción de que la atención sanitaria no era necesaria debido a la experiencia de "partos fáciles" (6%. CONCLUSIONES: Las razones de la baja tasa de partos observada en los centros públicos de salud estudiados se insertan en un contexto de escasos recursos, políticas deficientes y diferencias culturales que influyen en la experiencia de las mujeres y sus parejas en el momento del parto. Para mejorar el acceso a una atención sanitaria de calidad para todas las mujeres bolivianas en el momento del parto se deben tomar en cuenta estos problemas generalizados y contextuales. A nivel nacional, los recursos deben asignarse con cuidado para garantizar que los servicios gubernamentales logren inspirar confianza a las mujeres bolivianas y faciliten que puedan vencer las

  15. Effects of different sampling intervals on apparent protein and energy digestibility of common feed ingredients by juvenile oscar fish (Astronotus ocellatus=Diferentes intervalos de coleta na determinação da digestibilidade aparente da proteína e da energia de ingredientes comuns para o apaiari (Astronotus ocellatus

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João Batista Kochenborger Fernandes

    2012-04-01

    interação entre o intervalo de coleta e tipo de ingrediente nos coeficientes de digestibilidade. O intervalo de coleta não afetou a digestibilidade da proteína e da energia. As características físicas das fezes dos juvenis de apaiari aparentemente as tornam menos sensíveis à perda de nutrientes por lixiviação, permitindo intervalos de coleta maiores. A digestibilidade da proteína dos ingredientes avaliados foi semelhante, mostrando que a digestibilidade aparente de ingredientes animais e vegetais por juvenis de apaiari é eficiente. Os coeficientes de digestibilidade da energia foram maiores para a farinha de peixe e o farelo de soja comparado a farelo de trigo e milho. Ingredientes ricos em carboidratos (farelo de trigo e milho apresentaram os piores coeficientes de digestibilidade da energia e, portanto, não são usados eficientemente pelos juvenis de apaiari.

  16. Características morfogênicas e estruturais do capim-marandu submetido a combinações de alturas e intervalos de corte Morphogenetic and structural characteristics of marandu palisadegrass subjected to combinations of cutting heights and cutting intervals

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gelson dos Santos Difante

    2011-05-01

    Full Text Available Desenvolveu-se este estudo com o objetivo de avaliar o acúmulo de forragem e as características morfogênicas e estruturais do capim-marandu submetido a combinações de alturas e intervalos de corte. O experimento foi realizado no período de agosto de 2003 a abril de 2004. Os tratamentos corresponderam a combinações entre duas alturas (15 e 30 cm e três intervalos de corte (tempo correspondente para o aparecimento de três, quatro e cinco folhas por perfilho e foram alocados às unidades experimentais em arranjo fatorial 2 × 3 e delineamento de blocos completos casualizados com três repetições. Foram avaliados o acúmulo total de forragem, o acúmulo de lâminas foliares, colmos e material morto, as variáveis morfogênicas e as estruturais, assim como a altura do dossel no pré-corte e a duração do período de rebrotação. O corte a 15 cm resultou em menor período de rebrotação, altura pré-corte, alongamento de colmo e tamanho final da folha e maior densidade populacional de perfilhos em comparação ao corte a 30 cm. O intervalo de corte correspondente ao aparecimento de cinco folhas por perfilho resultou em maiores alturas pré-corte, taxas de alongamento de folhas, tamanho final das folhas e acúmulo de colmos e em menor densidade populacional de perfilhos em comparação aos intervalos correspondentes a três e quatro folhas surgidas por perfilho. A maior eficiência de utilização dos pastos de capim-marandu foi alcançada com cortes a 15 cm. Pastos manejados com intervalo de corte correspondente a três folhas surgidas por perfilho, independentemente da altura de corte avaliada, acumulam elevada quantidade de folhas, componente altamente desejável para alimentação animal.The objective of this study was to evaluate forage accumulation and morphogenetic and structural characteristics of marandu palisadegrass subjected to combinations of cutting heights and cutting intervals. The experiment was carried out from August

  17. Influencia de la reproducción y calidad de la leche en la rentabilidad de las explotaciones lecheras

    OpenAIRE

    Rodrigues, A.M.

    2013-01-01

    Este trabajo pretende presentar algunas ideas que pueden ayudar a mejorar la rentabilidad de las explotaciones lecheras. Entre los factores que determinan la rentabilidad de las explotaciones lecheras se destacan parámetros reproductivos ideales como el intervalo entre partos (365 días), el número de inseminaciones por inseminación artificial fecundante (1,5 a 1,7), la edad de las novillas al primero parto (22 a 24 meses) y la calidad de la leche producida. La existencia de vacas con mastitis...

  18. Efeitos do ganho de peso gestacional e do aleitamento materno na retenção de peso pós-parto em mulheres da coorte BRISA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Deysianne Costa das Chagas

    Full Text Available Este estudo analisou os efeitos do ganho de peso gestacional e do aleitamento materno na retenção de peso pós-parto. Foram acompanhadas 2.607 mulheres da coorte de nascimento BRISA. As variáveis utilizadas foram idade, situação socioeconômica, paridade, índice de massa corporal pré-gestacional, ganho de peso gestacional, duração do aleitamento materno, tempo de acompanhamento após o parto e retenção de peso pós-parto. Foi utilizada modelagem de equações estruturais que permitiu avaliar os efeitos totais, diretos e indiretos das variáveis explicativas na retenção de peso pós-parto. Aumento de um desvio padrão do ganho de peso gestacional correspondeu a um aumento significativo de 0,49 desvio padrão da retenção de peso pós-parto (p < 0,001. Aumento de um desvio padrão da duração do aleitamento materno correspondeu à diminuição média de 0,10 desvio padrão da retenção de peso pós-parto (p < 0,001. Independente do índice de massa corporal pré-gestacional, o ganho de peso gestacional é fator de risco, e a duração do aleitamento materno é fator protetor para a retenção de peso pós-parto.

  19. O intervalo Escola-Universidade: mais do que uma questão genérica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristina Becker Lopes Perna

    2017-12-01

    Full Text Available O presente artigo almeja trazer à agenda das discussões sobre letramento na universidade a lacuna existente entre o ensino e a aprendizagem de gêneros escolares e de gêneros acadêmicos. Nossa inquietação é fruto de uma preocupação com os alunos ingressantes em instituições de ensino superior que não tiveram uma experiência escolar com vistas a uma prática social de letramento acadêmico. A partir do tema proposto, refletimos sobre como a teoria dos gêneros discursivos, bem como sua aplicabilidade, auxilia no desenvolvimento do letramento acadêmico desses alunos universitários. A proficiência, ou inserção, na esfera discursiva acadêmica está muito relacionada com a competência genérica que o aluno deve possuir para assegurar sua comunicação de forma a alcançar seu status de sujeito discursivo e transformador. Portanto, defendemos que, aliada à análise de gêneros discursivos acadêmicos, a metodologia de ensino de Português para Fins Acadêmicos, aos moldes da consagrada área de Inglês para Fins Acadêmicos (English for Academic Purposes, pode, em muito, contribuir para se criar uma tradição de letramento acadêmico que propicie ao estudante uma experiência mais significativa não somente na sua esfera acadêmica, mas também no domínio discursivo do qual ele venha a participar, uma vez egresso da universidade e apto para atuar na sua profissão.

  20. Fatores associados com a retenção e o ganho de peso pós-parto: uma revisão sistemática Risk factors associated with postpartum weight gain and retention: a systematic review

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elisa Maria de Aquino Lacerda

    2004-06-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: A retenção de peso após o parto é um dos determinantes da obesidade em mulheres. Seu desenvolvimento está relacionado com o ganho de peso gestacional, paridade, idade, situação marital, consumo energético, atividade física e lactação, mas as associações encontradas têm se mostrado inconclusivas e contraditórias. Objetivos: Avaliar estudos que identificaram fatores preditores da retenção e ganho de peso após o parto. MATERIAL E MÉTODOS: Foi realizada uma revisão de literatura na Base de Dados LILACS e MEDLINE, referente aos anos de 1993 a 2003. RESULTADOS: Vinte e oito artigos foram identificados, sendo 23 estudos de coorte, quatro estudos transversais e um estudo caso-controle. A maioria dos estudos foi realizada nos EUA e o tempo de acompanhamento após o parto ocorreu principalmente entre seis semanas e 24 meses. Cerca de 25% dos estudos apresentaram perdas superiores a 30%, 61% incluíram adolescentes na amostra e 75% não aferiram o peso pré-gestacional. Sete estudos foram considerados de melhor qualidade, pois utilizaram o peso pré-gestacional medido, incluíram grupo de comparação, excluíram adolescentes, apresentaram perdas de seguimento inferiores a 30% e controlaram para variáveis de confundimento. CONCLUSÃO: Ganho de peso gestacional, raça negra e paridade estão associados positivamente com a retenção de peso pós-parto. As evidências são contraditórias para a variável lactação e insuficientes para as variáveis consumo alimentar e atividade física. São necessários estudos cuidadosamente desenhados para esclarecer estas questões.BACKGROUND: Postpartum weight retention is a trigger for developing obesity in women. It is often associated with weight gain during pregnancy, parity, age, marital status, food intake, physical activity and lactation. However, the associations found have proven to be inconclusive or contradictory. OBJECTIVES: The purpose of this review was to study risk

  1. Características relacionadas ao primeiro e último parto por cesárea Characteristics related to the first and last cesarean delivery among women from a Campinas University Hospital

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Arlete Maria dos Santos Fernandes

    2007-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Estudar a associação entre a primeira e a última cesáreas e laqueadura tubária; determinar tempo de vida reprodutivo após o primeiro parto. MÉTODOS: Foram entrevistadas 653 mulheres com pelo menos duas gestações, de fevereiro a outubro de 2001 em hospital universitário, 172 com primeira e 294 com última cesárea. As variáveis foram sociodemográficas, obstétricas e características do primeiro e último partos e da laqueadura. Utilizou-se análise bivariada, posteriormente regressão múltipla com cálculo do odds ratio ajustado. Mulheres laqueadas foram separadas em grupos de 25 a 44 e > 45 anos, distribuídas em percentis e aplicou-se o teste de Wilcoxon para análise da idade na laqueadura e tempo de vida reprodutivo após o último parto. O estudo teve aprovação do Comitê de Ética. RESULTADOS: Do total de mulheres, 89% tinham escolaridade 5 salários (OR=2,41, IC 95% 1,42 a 4,08 e idade no primeiro parto > 25 anos (OR=1,80, IC 95% 1,01 a 3,22. A idade média na laqueadura foi de 29 e 33,2 anos nas mulheres com 25 a 44 anos e > 45 anos, respectivamente (pOBJECTIVE: To study the association between first and last caesarian sections with tubal sterilization; to determine length of reproductive life after the first delivery. METHODS: From February to October 2001 in a university hospital, interviews were carried out with 653 women having had at least two pregnancies. Of these women, 172 had a first caesarian section; 294 had a last caesarian section. Variables were social demographic characteristics, obstetric history and characteristics of the first and last deliveries and tubal sterilization. Bivariate analysis was performed, followed by multiple regression analysis calculating the adjusted odds ratio. Women who had undergone tubal sterilization were divided into age groups of 25 to 44 and >45 years in a percentile distribution. The Wilcoxon test was used to analyze age at tubal sterilization and length of

  2. Intervalo de tempo para semeadura de milho pós-dessecação da cobertura de aveia-preta com herbicidas Establishment of corn seeding time interval after desiccation of oats with herbicides

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rodrigo Neves

    1999-12-01

    Full Text Available Com o objetivo de investigar o intervalo de tempo para semeadura de milho cultivado em sucessão à aveia-preta dessecada com herbicidas não-seletivos, realizou-se experimento fatorial na Estação Experimental Agronômica da UFRGS, em Eldorado do Sul, RS, em 1997/98. Um fator constou de quatro épocas de dessecação da aveia-preta (13, 9, 5 e 1 dia antes da semeadura do milho. O outro fator consistiu de quatro sistemas utilizados em pré-semeadura da cultura (aplicação do herbicida glyphosate "540gha-1 e.a." sobre plantas de aveia-preta ou sobre o solo sem sua presença; aplicação do herbicida paraquat "400gha-1 i.a." + diuron "200gha-1 i.a." sobre plantas de aveia-preta; e testemunha cuja semeadura do milho ocorreu na ausência de aveia-preta e de aplicação de herbicidas. Não se constatou interação entre os fatores testados. Com relação aos sistemas de pré-semeadura do milho, observou-se aumento na estatura acompanhado de decréscimo na massa seca de planta, tanto aos 20 como aos 40 dias após a emergência, quando o milho foi semeado na presença de resteva de aveia-preta em relação aquele semeado na sua ausência. Para intervalos de semeadura do milho pós-dessecação da aveia-preta, não ocorreram diferenças significativas tanto no desenvolvimento inicial das plantas, na estatura final, quanto no rendimento de grãos.With the purpose of evaluating time intervals for corn seeding after forage oats desiccation with non-selective herbicides, it was conducted a factorial trial in Agronomic Experimental Station of UFRGS, in Eldorado do Sul, RS, Brazil, in the 1997/98 growing season. One factor consisted of four times of oats desiccation (13, 9, 5 and 1 day before corn seeding. The other factor was four corn pre-seeding systems (glyphosate "540gha-1 e.a." herbicide applied on oat plants or on soil surface without oats; paraquat "400gha-1 i.a." + diuron "200gha-1 i.a." herbicide applied on oat plants; and a control in which corn

  3. Intervalo hídrico ótimo e densidade crítica de um Latossolo Amarelo coeso sob diferentes usos no ecossistema Tabuleiro Costeiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Camila Brasil Dias

    Full Text Available RESUMO Os impactos do uso e do manejo na qualidade física do solo têm sido quantificados, utilizando-se o intervalo hídrico ótimo e a densidade crítica do solo. O objetivo deste trabalho foi determinar o intervalo hídrico ótimo (IHO e a densidade crítica de um Latossolo Amarelo coeso, dos Tabuleiros Costeiros do Recôncavo da Bahia, submetido a diferentes usos e manejo do solo. Foram selecionadas três áreas, sobre solo coeso típico, submetidas aos seguintes usos e manejos: mata nativa (Mata Atlântica; pastagem de Brachiaria decumbens Stapf, em estado de degradação, e cana-de-açúcar, com subsolagem no sulco de plantio. Foram retiradas em cada área 40 amostras com estrutura indeformada, na porção central de cada horizonte (A e AB. Foram determinados nessas amostras, após serem submetidas a dez valores de tensão e pressão, a umidade, a resistência à penetração e a densidade do solo. Na área cultivada com cana, a coleta das amostras foi feita nas linhas de plantio, onde foi realizada a subsolagem. O intervalo hídrico ótimo do horizonte A, da mata, e do Ap, da cana-de-açúcar foram semelhantes e, ambos, maiores que na pastagem. Já no horizonte AB, o IHO da cana-de-açúcar foi maior que o da mata e, o desta, maior que o da pastagem. Os horizontes A e Ap apresentaram valores de densidade crítica maiores que os de AB para todos os usos avaliados. O uso que apresentou maior frequência de valores de densidade do solo acima da densidade crítica foi a pastagem.

  4. Intervalo hídrico ótimo utilizado como indicador da qualidade física em perímetro irrigado.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Thiago Lima da Silva

    2016-12-01

    Full Text Available Um dos principais parâmetros para se avaliar as condições físicas do solo é o Intervalo Hídrico Ótimo (IHO que tem como conceito a incorporação de uma faixa de quantidade de água, as limitações ao desenvolvimento das plantas por aeração, água disponível e resistência do solo à penetração das raízes. O objetivo neste trabalho foi avaliar o intervalo hídrico ótimo de um Latossolo amarelo distrófico com diferentes usos e manejos no perímetro irrigado Piauí, município de Lagarto-SE. Foram selecionados 4 (quatro  diferentes tipos de usos do solo que tivessem diferentes manejos agrícolas no perímetro irrigado Piauí e três profundidades 0-0,15 m; 0,15-0,30 m e 0,30-0,45 m avaliadas nesses sistemas. Os usos distintos consistiram em: a área sob cultivo de pimenteira malagueta (Capsicum frutensens L; b área sob cultivo de maracujazeiro amarelo (Passiflora edulis sims; c área sob cultivo de maracujazeiro em consórcio com pimenteira malagueta; d área sob pastagem (Brachiaria decumbens. O intervalo hídrico ótimo foi determinado por meio da curva de resistência à penetração e da curva de retenção da água no solo e mostrou-se importante indicador para avaliação da qualidade física do solo avaliado sob diferentes usos no perímetro irrigado Piauí, onde o manejo empregado no solo afetou a qualidade física deste, já que, em profundidades maiores todos os usos apresentam restrições ao desenvolvimento do sistema radicular, sendo que, a pastagem e o consórcio maracujá e a pimenteira apresentam essa restrição já na profundidade superficial 0-0-15m.

  5. Influência da posição de parto vaginal nas variáveis obstétricas e neonatais de mulheres primíparas The influence of vaginal birth position on obstetric and neonatal variables in primiparous women

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sabrina Mattos Baracho

    2009-12-01

    Full Text Available OBJETIVOS: determinar a prevalência de fatores obstétricos associados à posição de parto vaginal (PPV - vertical ou horizontal; investigar correlações entre PPV e fatores obstétricos, bem como sua influência sobre as características neonatais. MÉTODOS: foi realizado um estudo de corte transversal. A amostra foi composta por 176 mulheres primíparas que realizaram parto vaginal, entre julho/2006 e fevereiro/2007. Foi investigada a correlação entre PPV e as seguintes variáveis obstétricas: ocorrência e grau de laceração perineal espontânea, episiotomia, sutura perineal, uso de ocitocina e instrumentação cirúrgica. Os neonatos foram classificados quanto à idade gestacional, peso, estatura, perímetro cefálico e Apgar 1º e 5º minutos. Teste qui quadrado foi aplicado para investigar correlação entre PPV e variáveis obstétricas e o teste t-student para investigar a influência da PPV nas características neonatais. RESULTADOS: não foi observada correlação entre PPV e sutura perineal, laceração perineal, uso de ocitocina, episiotomia e utilização de instrumentação cirúrgica (uso de fórceps ou vácuo-extrator. Houve correlação entre PPV e episiotomia e maior prevalência de episiotomia na posição horizontal. Não houve influência da PPV nas características neonatais. CONCLUSÕES: houve maior ocorrência de episiotomia na posição de parto horizontal, embora ambas as posições de parto tenham sido satisfatórias para os neonatos.OBJECTIVES: to determine the prevalence of obstetric factors associated with vaginal birth posi tion (VBP-vertical or horizontal; to investigate correlations between VBP and obstetric factors and neonatal characteristics. METHODS: a cross-sectional study was carried out. The sample comprised 176 primiparous women who had given birth vaginally, between july 2006 and february 2007. The correlation was investigated between VBP and the following obstetric variables: occurrence and

  6. CAPACITAÇÃO DE ENFERMEIRAS NO JAPÃO: CONTRIBUIÇÃO PARA A IMPLANTAÇÃO DA CASA DE PARTO NO RIO DE JANEIRO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jane Márcia Progianti

    2013-01-01

    Full Text Available Estudio cualitativo histórico-social que discute las contribuciones de la capacitación de las enfermeras obstetras brasileñas en los centros de parto normales japoneses para la implantación de la Casa de Parto en Rio de Janeiro-RJ, en 2003. Las fuentes son documentos escritos y orales obtenidos en acervos y a través de entrevista semi-estructurada. Las etapas del análisis: ordenación, clasificación y triangulación de los datos. Para basar el análisis se utilizaron los conceptos de campo, habitus, poder simbólico y capital. Los resultados revelaron que la capacitación de las enfermeras obstétricas en el Curso de Asistencia al Parto en las Casas de Parto de Japón fue una estrategia del Gobierno Federal para reconfigurar el campo obstétrico que actualizó en habitus de estas enfermeras. Las dos enfermeras propuestas por la Secretaría Municipal de Sanidad-RJ al regreso del curso de formación ocuparon cargos institucionales que viabilizaron el funcionamiento de la Casa de Parto.

  7. A inserção do acompanhante de parto nos serviços públicos de saúde de Santa Catarina, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Odalea Maria Bruggemann

    2013-09-01

    Full Text Available Pesquisa descritiva, quantitativa, que objetivou descrever a inserção do acompanhante de escolha da parturiente durante o trabalho de parto, parto e pós-parto imediato nos serviços vinculados ao Sistema Único de Saúde que prestam assistência ao parto em Santa Catarina/Brasil, e identificar os aspectos que facilitaram e dificultaram esse processo. A população foi composta pelos 138 serviços do estado. Os dados foram coletados de maio/2010 a junho/2011, por meio de questionário enviado aos diretores e por contato telefônico, e posteriormente analisados por estatística descritiva. Dos 135 serviços contatados, 54,8% referiram que sempre permitem a presença do acompanhante, 32,6% permitem às vezes, 11,9% nunca permitem e 0,7% não responderam. A maioria dos serviços permite a presença do acompanhante. No entanto, em alguns deles essa prática ainda é implementada com restrições, pois a escolha da parturiente não é respeitada e impede-se a permanência do acompanhante no momento do parto.

  8. A acupuntura na analgesia do parto: percepções das parturientes La acupuntura en la analgesía del parto: percepciones de las parturientas Acupunture in childbirth analgesia: perceptions of the parturients

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jussara Gue Martini

    2009-09-01

    Full Text Available O estudo objetivou conhecer as percepções das parturientes atendidas na Maternidade do Hospital Universitário de Florianópolis (HU sobre a utilização da acupuntura na analgesia das dores do parto. Por meio de entrevistas com 31 parturientes, atendidas em procedimento de parto normal, em abril de 2005, obteve-se como resultados: 60% das protagonistas do estudo tem de 20 a 30 anos, são procedentes de Florianópolis em 90% dos casos. Uma grande parcela das mulheres atendidas na Maternidade não tem informações sobre o uso da acupuntura no controle das dores obstétricas, atingindo 95% das respostas. Contudo, 70% das entrevistadas acreditam na possibilidade de analgesia por acupuntura e estariam dispostas a experimentar caso disponibilizada na instituição. Tais resultados indicam a necessidade de ampliar os conhecimentos nesta área, bem como da capacitação das equipes de atenção ao parto no uso de outras formas de controle das dores obstétricas.El objetivo del presente estudio fue conocer las percepciones de las mujeres que dieron a luz atendidas en la Maternidad del Hospital Universitario de Florianópolis (HU sobre la utilización de la Acupuntura en la analgesia de los dolores del parto. Por medio de entrevistas con 31 parturientas, atendidas en procedimiento de parto normal, en abril de 2005, se obtuvo los siguientes resultados: 60% de las participantes del estudio tienen de veinte a treinta años, procedentes de Florianópolis en 90% de los casos. Un gran porcentaje de las mujeres atendidas en la Maternidad no tienen información sobre el uso de la acupuntura en el control de los dolores obstétricos, observado en 95% de las respuestas. De esta forma, 70% de las entrevistadas creen en la posibilidad de usar analgesias por acupuntura y estarían dispuestas a experimentar, de ser una posibiidade disponible en la institución. Tales resultados indican la necesidad de ampliar los conocimientos en esta área, así como, la necesidad

  9. Aceitação sensorial de híbridos de milho doce e híbridos de milho verde em intervalos de colheita

    OpenAIRE

    Jéssica da Silva Camilo; Vitor Hugo Barbosa Barbieri; Ramon Macedo Rangel; Deborah Santesso Bonnas; José Magno Queiróz Luz; Roberta Camargos de Oliveira

    2015-01-01

    A composição química e a textura dos grãos do milho doce estão, diretamente, relacionadas com as classes de endosperma que interferem na aceitação do produto pelos consumidores. Por isso, este trabalho teve por objetivo avaliar as características sensoriais de híbridos de milho doce e de híbridos de milho verde, em função de intervalos de colheita. O experimento foi instalado na Estação Experimental de Pesquisa da Syngenta Seeds Ltda, no município de Uberlândia-MG. O delineamento experimental...

  10. CARACTERÍSTICAS MORFOGÉNICAS Y SU INFLUENCIA EN EL RENDIMIENTO DEL PASTO MOMBAZA, COSECHADO A DIFERENTES INTERVALOS DE CORTE

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Omar Ramírez Reynoso

    2009-11-01

    Full Text Available El objetivo del estudio fue determinar el flujo de tejidos y rendimiento por corte del pasto Mombaza (Panicum maximum Jacq., cosechado a tres intervalos de corte (IC: 3, 5 y 7 semanas, durante un año, en las épocas de sequía (10-nov-2006 a 09-jun-2007 y lluvias (10-jun a 06-nov-2007. Los tratamientos (IC se distribuyeron en 12 parcelas de 17.5 m2, mediante un diseño de bloques completos al azar, con cuatro repeticiones. El IC de 3 semanas promedió mayor tasa de aparición de hojas (0.185 hojas tallo-1 d-1 durante el estudio (P

  11. Comportamiento del Intervalo QT corregido prolongado en el síndrome coronario agudo, sin elevación del segmento ST

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Amauris Modesto Valera Sales

    2015-12-01

    Full Text Available Se realizó un estudio descriptivo transversal prospectivo, para determinar el comportamiento del intervalo QT corregido prolongado, en pacientes con síndrome coronario agudo sin elevación del segmento ST, en el Centro Diagnóstico Integral “Los Arales”, San Diego, año 2009. El universo fue de 48 pacientes y la muestra incluyó a 29 pacientes con ECG normal o sin nuevos cambios isquémicos. Al ingreso se determinaron los valores del intervalo QT corregido, las variables demográficas, antecedentes personales, niveles enzimáticos de CK-MB y el score TIMI. Estos resultados se correlacionaron con la aparición de eventos clínicos (muerte, infarto no fatal y revascularización un mes después del ingreso. De los 29 pacientes analizados sólo 11 (38% presentaron eventos clínicos, mientras que los restantes 18 (62% no los tuvieron. Los pacientes con eventos presentaron valores del iQTc más prolongados por encima del punto de corte. En ambos grupos predominó el sexo masculino y el grupo de edad más frecuente fue el de 60 a 69 años. El tabaquismo, la hipertensión y la hipercolesterolemia fueron los más prevalentes para ambos grupos, así como el uso previo de aspirina. La estratificación de riesgo TIMI y los parámetros basales en los pacientes estudiados fueron mayores y revelan un mayor porcentaje en el grupo con eventos clínicos. Los resultados demuestran que el iQTc predice eventos adversos cardiovasculares hasta 30 días después del ingreso.

  12. Concentração plasmática do hormônio adrenocorticotrófico de parturientes submetidas a método não farmacológico de alívio da ansiedade e dor do parto Concentración de la hormona adrenocorticotrófica en parturientas sometidas a un método no farmacológico de alivio de ansiedad y el dolor durante el parto Corticotrophin hormone serum levels of parturients submitted to nonpharmacologic anxiety and pain relief method during labor

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nilza Alves Marques Almeida

    2005-04-01

    Full Text Available Objetivo: analisar os níveis séricos do hormônio adrenocorticotrófico (ACTH e a correlação entre esses níveis, a ansiedade e a dor na parturição. Dezessete parturientes (grupo controle - GC receberam assistência de enfermagem de rotina, e dezenove (grupo experimental - GE foram estimuladas e orientadas a realizar técnicas de respiração e relaxamento. Os níveis plasmáticos do ACTH, o traço e estado de ansiedade e a intensidade de dor foram avaliados. Os níveis de ACTH foram baixos no início do trabalho de parto, com pico no final e regressão no pós-parto imediato, sem diferença estatisticamente significativa entre os grupos. A redução do ACTH com alívio parcial do estresse do GE, sugere a interferência das técnicas de respiração e relaxamento. Os níveis do ACTH, não se correlacionaram à ansiedade e à dor, em ambos os grupos.La finalidad de este estudio fue analizar los niveles séricos de la hormona adrenocorticotrófica (ACTH, la correlación entre esos niveles, la ansiedad y el dolor en el parto. Diecisiete parturientas (grupo control - GC recibieron atención de enfermería de rutina y diecinueve (grupo experimento - GE fueron preparadas y orientadas a realizar técnicas de respiración y relajación. Los niveles de la ACTH, el trazo y estado de ansiedad y la intensidad del dolor fueron evaluados. Los niveles de la ACTH fueron bajos en el inicio del trabajo de parto, con elevación en el final y regresión en el postparto inmediato, sin diferencia estadísticamente significativa entre los grupos. La reducción de la ACTH con alivio parcial del stress del GE, sugiere la interferencia de las técnicas de respiración y relajación. Los niveles de la ACTH no se correlacionaron ni con la ansiedad ni con el dolor, en ambos grupos.This study aimed to analyze the plasma ACTH levels and the correlation between the ACTH levels and pain and anxiety during the parturition. Seventeen parturients received routine nursing

  13. Condição corporal ao parto e perfil metabólico de cabras alpinas no início da lactação Body condition and metabolic profile of Alpine goats at the onset of lactation

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Larissa Pires Barbosa

    2009-10-01

    Full Text Available Objetivou-se avaliar a influência da condição corporal ao parto sobre alguns metabólitos sanguíneos em cabras no início da lactação. As cabras (68 no total foram distribuídas em três grupos de acordo com o escore da condição corporal (ECC ao parto: entre 1,00 e 2,75 (animais magros; entre 2,75 e 3,50 (condição corporal intermediária; e entre 3,50 e 5,00 (animais gordos. O experimento foi realizado nos primeiros 60 dias de lactação e as coletas de sangue, após o parto e semanalmente até a oitava semana de lactação. Foram feitas análises para determinação das concentrações de ácidos graxos não-esterificados (AGNE, beta-hidroxibutirato (BHBA, glicose, colesterol total e lipoproteína de alta densidade (HDL. As concentrações plasmáticas dos metabólitos não diferiram entre os grupos. As concentrações de AGNE, nos animais dos três grupos, ao parto e nas oito primeiras semanas de lactação, foram de 658,46 e 232,90 mg/dL, respectivamente, e os valores de BHBA ao parto, de 10,31 ± 3,0 mg/dL para os animais magros; 6,88 ± 0,9 mg/dL para os intermediários; e 4,21 ± 0,8 mg/dL para os animais gordos. Os valores de glicose ao parto foram de 112,54 ± 15,4 mg/dL para os animais magros; 90,93 ± 13,5 mg/dL para os animais intermediários; e 132,47 ± 26,7 mg/dL para os animais gordos. Os valores médios de colesterol total e de HDL nas oito primeiras semanas pós-parto foram de 109,01 ± 2,5 e 54,9 ± 1,39 mg/dL para os animais magros; 83,0 ± 21,7 e 56,0 ± 1,30 mg/dL para os intermediários; e 84,3 23,9 e 54,5 ± 1,93 mg/dL para os gordos. As alterações no metabolismo energético de cabras leiteiras de média produção diminuem, independentemente da condição corporal ao parto, quando fornecida dieta de alta qualidade e com altos níveis de energia.An experiment was carried out to study the influence of the body condition score at birth on blood metabolites of goats in early lactation. Sixty-eight goats were

  14. Fatores de risco para mortalidade neonatal, com especial atenção aos fatores assistenciais relacionados com os cuidados durante o período pré-natal, parto e história reprodutiva materna

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Samir B. Kassar

    2013-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Identificar fatores de risco para mortalidade neonatal, com especial atenção aos fatores assistenciais relacionados com os cuidados durante o período pré-natal, parto e história reprodutiva materna. MÉTODOS: Trata-se de um estudo caso-controle realizado em Maceió, Nordeste do Brasil. A amostra consistiu de 136 casos e 272 controles selecionados em bancos de dados oficiais brasileiros. Os casos foram todos os recém-nascidos que morreram antes de completar 28 dias de vida, selecionados no Sistema de Informações sobre Mortalidade, e os controles foram os sobreviventes neste período, selecionados no Sistema de Informações sobre Nascidos Vivos, por sorteio aleatório entre as crianças nascidas na mesma data do caso. Entrevistas domiciliares foram realizadas com as mães. RESULTADOS: A análise de regressão logística identificou como fatores determinantes para a morte no período neonatal mães com história de filhos anteriores que morreram no primeiro ano de vida (OR = 3,08, o internamento durante a gestação (OR = 2,48, o pré-natal inadequado (OR = 2,49, a não realização de ecografia durante o pré-natal (OR = 3,89, a transferência de recém-nascidos para outra unidade após o nascimento (OR = 5,06, os recém-nascidos internados em UTI (OR = 5,00 e o baixo peso ao nascer (OR = 2,57. Entre as condições socioeconômicas, observou-se uma maior chance para mortalidade neonatal em residências com menor número de moradores (OR = 1,73 e com ausência de filhos menores de cinco anos (OR = 10,10. CONCLUSÕES: Vários fatores que se mostraram associados à mortalidade neonatal neste estudo podem ser decorrentes de assistência inadequada ao pré-natal, ao parto e ao recém-nascido, sendo, portanto, passíveis de serem modificados.

  15. Características sociodemográficas e de assistência à gestação e ao parto no extremo sul do Brasil Socio-demographic characteristics and prenatal and childbirth care in southern Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juraci A. Cesar

    2011-05-01

    Full Text Available Este estudo teve por objetivo comparar a assistência à gestação e ao parto entre mães adolescentes e não adolescentes residentes no Município de Rio Grande, Rio Grande do Sul, Brasil. Entre 1º de janeiro e 31 de dezembro de 2007 aplicou-se questionário padronizado a todas as mães destes recém-nascidos buscando informações sobre cuidados recebidos do inicio da gravidez até momento do parto. Utilizou-se teste do qui-quadrado para comparar proporções. Um quarto (516 dos recém-nascidos era filho de mães adolescentes. Em relação às demais mães, uma menor proporção de adolescentes completou seis ou mais consultas de pré-natal (61% x 75%, iniciou o pré-natal no primeiro trimestre de gravidez (58% x 77%, recebeu vacina antitetânica (81% x 85% e fez todo o pré-natal com o mesmo profissional (70% x 78%; no entanto, foram mais comumente suplementadas com sulfato ferroso (66% x 57%, submetidas a fórcipe (11% x 6%, à episiotomia (86% x 66%, e atendidas no SUS (92% x 76%. Estes dados mostram que a assistência recebida pelas mães adolescentes foi sistematicamente pior àquela recebida pelas demais mães.This study aimed to compare prenatal and childbirth care received by teenagers and older mothers in Rio Grande, Rio Grande do Sul State, southern Brazil. From January 1st to December 31st 2007, all mothers were interviewed with a standardized questionnaire on the care they received. The chi-square test was used to compare proportions between adolescent and non-adolescent mothers. One-fourth (516 of the infants were born to adolescent mothers. Compared to older mothers, teenagers showed lower rates of the following: completion of at least six prenatal visits (61% x 75%, initiation of prenatal care in the first trimester (58% x 77%, tetanus vaccination (81% x 85%, and completion of prenatal visits with the same health professional (70% x 78%. Meanwhile, teenage motherhood was associated with more: supplementation for iron

  16. EPIDURAL ANALGESIA DURING LABOR Analgesia epidural para el trabajo de parto

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juan Carlos Zafra Pedone

    2008-12-01

    Full Text Available Introduction: The labor pain affect to all pregnant woman and it has biochemical and physiological changes that affect to mother and fetus and interact with your normal evolution. Currently there are analgesic techniques to less effectively labor pain, to provide a high satisfaction level and supply clinical and laboratory beneficial outcomes. In own context these techniques are very low used. Objective: To describe the use of epidural analgesic procedures in a pregnancy woman group during labor at the Universitarian Hospital San Jose – Popayan, Colombia. Materials and methods: Case series design. We recollected information of patients from Obstetric service during two months of 2006. The patient’s information was recollected from medical history with an instrument that content variables related with the analgesic technique and labor. The analyses were performed using descriptive statistics Results: 41 pregnant woman with a mean age of 23,4 were included. 65,9% were nulliparous and 85,4% were term pregnancy. At the moment of dural puncture the dilation and EVA pain scale mode was 6 and 8 respectively. The latency mean was 14,1 minutes. 95,1% were require a booster applied in a mean of 80 minutes and 61% were required a second booster applied in a mean of 49 min after that. The way of termination of pregnancy was vaginal predominantly. Conclusions: The results of this study are congruent to reporting in the world literature. These conclusions support the effectiveness of epidural analgesia and its favorable benefit/risk relation to the control of labor pain. Introducción: El dolor asociado con el trabajo de parto afecta a todas las pacientes e involucra alteraciones que afectan a la madre y al feto e interactúan interfiriendo con su evolución normal. Actualmente disponemos de alternativas analgésicas peridurales que han demostrado controlar en forma efectiva el dolor, proporcionar un alto grado de satisfacción de las pacientes y proveer

  17. Depression with postpartum onset: a prospective cohort study in women undergoing elective cesarean section in Brasilia, Brazil Depressão com início após o parto: estudo de corte prospectivo em mulheres submetidas à cesárea eletiva em Brasília, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alberto Moreno Zaconeta

    2013-03-01

    ência de pacientes que seriam submetidas à cesariana eletiva em dois hospitais privados. Como instrumento para avaliar os sintomas depressivos, foi utilizada a Escala de Depressão Pós-natal de Edimburgo, com ponto de corte >13, aplicada momentos antes do parto e quatro a oito semanas após o nascimento da criança. RESULTADOS: Das 107 mulheres que completaram o estudo, 11 (10,3% apresentaram sintomas depressivos significativos na gestação e 12 (11,2% no período pós-parto. Das 12 pacientes com sintomas no pós-parto, 6 já tinham os sintomas durante a gestação, de modo que 5,6% da amostra teve depressão com início após o parto. A frequência global de depressão foi significativamente maior entre as mulheres solteiras em comparação com mulheres casadas (p=0,04 por causa principalmente da maior frequência de mulheres solteiras apresentando sintomas depressivos persistentes, antes e depois do parto (p=0,002. O risco de depressão não foi influenciado pela idade, paridade e escolaridade. CONCLUSÃO: As mulheres com depressão reconhecida no período pós-parto compõem um grupo heterogêneo, no qual o quadro pode ter tido início antes da gestação, durante a gestação ou após o parto. Na amostra estudada, metade dos casos de depressão reconhecida após o parto já apresentava os sintomas no final da gestação. Uma vez que a depressão que surge antes e após o parto pode ter etiologia diferente e, portanto, apresentar resposta ao tratamento diferente, os clínicos e pesquisadores devem estar atentos a essa possibilidade.

  18. Effect of different concentrate levels in the pre and post parturition period on milk production and body score of dairy cowsEfeito de diferentes níveis de concentrado no período pré e pós-parto sobre a produção de leite e escore corporal de vacas leiteiras

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcelo Marcondes Seneda

    2012-06-01

    score as the milk production. Este experimento teve como objetivo avaliar os efeitos de diferentes níveis de suplementação concentrada nos períodos pré-parto e pós-parto, sobre a produção de leite e o escore corporal de vacas leiteiras. Utilizaram-se 54 vacas em delineamento experimental inteiramente casualizado, distribuídas em esquema fatorial 3 x 2, sendo 3 tratamentos, 2 períodos e 9 repetições por tratamento. Os tratamentos compreenderam diferentes níveis de suplementação de concentrado (em base seca nos períodos pré-parto (PRE: PRE1= 0% do PV; PRE2= 0,5% do PV; PRE3= 1,0% do PV; e no pós-parto (POS: POS1= 1kg para cada 2,5 kg de leite produzido; POS2= 1kg para cada 2,0kg de leite produzido e POS3= 1kg para cada 1,5kg de leite produzido, acima de 6 kg de leite por dia. A pesagem do leite e a avaliação de escore corporal foram realizadas a cada sete dias. Não houve diferença significativa entre os tratamentos do período PRE para produção de leite, no entanto verificou-se que o aumento na suplementação PRE melhorou a condição corporal média dos animais no período pós-parto (P < 0,05. Nos tratamentos do período POS, houve efeito positivo e crescente com o aumento do nível de suplementação, sobre a produção de leite e escore corporal médio dos animais (P < 0,05. Não se observou melhora na produção de leite com o aumento da suplementação no período PRE, mas nos tratamentos POS houve maior produção de leite com o aumento da suplementação (P < 0,05. Não houve correlação de tratamento pré-parto e produção de leite, mas houve correlação destes com escore corporal dos animais ao parto (r=0,66. Houve correlação de níveis de suplementação no pós-parto com escore corporal médio (0,36 e com produção de leite (0,32. Pode-se concluir que o aumento do nível de suplementação no período pré-parto melhora o escore corporal mas não a produção de leite dos animais, e o aumento de suplementação nos tratamentos pós-parto

  19. Comparação entre a concentração sérica de alfa-tocoferol de puérperas assistidas em maternidades públicas e privadas no Nordeste do Brasil

    OpenAIRE

    Gurgel,Cristiane Santos Sânzio; Lira,Larissa Queiroz de; Azevedo,Gabrielle Mahara; Costa,Priscila Nunes; Araújo,Janaina Oliveira; Dimenstein,Roberto

    2014-01-01

    OBJETIVO: Comparar a concentração de alfa-tocoferol no soro entre puérperas atendidas em maternidades das redes pública e privada da cidade de Natal (RN), Brasil.MÉTODOS: Participaram do estudo 209 puérperas, sendo 96 mulheres provenientes da rede privada e 113, da rede pública, entre 24 e 48 horas pós-parto. Foram incluídas no estudo parturientes com idade a partir de 12 anos, sem patologias associadas à gestação, que tiveram concepto único sem má-formação. Mulheres descompensadas clinicamen...

  20. Representações e experiências das mulheres sobre a assistência ao parto vaginal e cesárea em maternidades pública e privada Women's representations and experiences with vaginal and cesarean delivery in public and private maternity hospitals

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Andréa de Sousa Gama

    2009-11-01

    Full Text Available Este estudo analisa as diferentes representações e experiências quanto ao parto vaginal e cesárea de mulheres de diferentes estratos sócio-econômicos, bem como a natureza das relações profissionais de saúde/usuárias no contexto institucional em que estão inseridas. A pesquisa de natureza qualitativa foi desenvolvida em três maternidades do Município do Rio de Janeiro, Brasil, sendo uma pública, uma conveniada com o SUS e uma particular, com mulheres que tiveram os dois tipos de parto. Os resultados revelam que o modelo de organização dos serviços público e privado apresentam variações que produzem diferentes tipos de assistência e de relação entre os profissionais de saúde e as usuárias, dando forma a experiências distintas entre as mulheres pesquisadas. Todavia, ao empreendermos uma crítica assentada nas relações de gênero, podemos verificar que o modelo de assistência ao parto permanece submetendo quem deve ser sujeito e reproduzindo o projeto da medicalização - mesmo que este processo se manifeste de formas diferenciadas entre os grupos estudados -, o que reduz o campo da assistência e inviabiliza um lugar de poder diferenciado das usuárias.This study analyzes the different representations and experiences of women from different social classes, including issues related to their relations with hospital staff in different institutional settings. This qualitative study focused on women who had experienced both types of delivery, in three maternity hospitals in Rio de Janeiro, Brazil (one public, one fully private, and another private under an outsourcing agreement with the public health system. The study showed that variations in public and private service models result in different types of delivery care and different relations with staff, and are reflected in different birthing experiences for the women. However, a critical gender perspective shows that in both cases, the service models reproduce the

  1. Avaliação da assistência ao parto em maternidade terciária do interior do Estado de São Paulo, Brasil Evaluation of delivery care in a tertiary maternity in the interior of State of São Paulo, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernanda Cristina Manzini

    2009-03-01

    Full Text Available OBJETIVOS: avaliar a estrutura e o processo de assistência ao parto e ao recém-nascido desenvolvidos na maternidade e na unidade de neonatologia de uma instituição hospitalar de nível terciário do interior do Estado de São Paulo, Brasil. MÉTODOS: estudo descritivo, transversal, voltado para a análise da adesão às normas preconizadas pelo Ministério da Saúde e Organização Mundial da Saúde em relação ao parto, avaliando-se os recursos existentes e as atividades desenvolvidas durante a assistência. Os dados foram colhidos nos anos de 2004 e 2005, a partir de entrevista com o gestor da maternidade, análise de 293 prontuários amostradose observação de 29 partos realizados. RESULTADOS: a avaliação da estrutura evidenciou a disponibilidade de equipamentos, instrumentais e medicamentos, de obstetra, pediatra e anestesista eausência de quartos de pré-parto, parto e puerpério.Na análise do processo observouse, entre outras,frequências regulares relacionadas à verificação de pressão arterial e ausculta dos batimentos cardíacos fetais; o preenchimento do partograma foi satisfatório; na assistência ao recém-nascido, foram insatisfatórios o aleitamento na primeira hora de vida e ocontato pele a pele. CONCLUSÕES: algumas práticas úteis no partonormal foram pouco utilizadas. Percebese uma tendência à incorporação de práticas baseadas em evidências científicas, quando se considerou a realização de procedimentos como tricotomia, enteroclisma e episiotomia, demonstrando uma mudançapositiva na assistência ao parto.OBJECTIVES: to evaluated the structure and care provided on delivery and for newborns by the maternity an neonatal unit of a tertiary hospital of the interior of State of São Paulo, Brazil. METHODS: a crosscutting descriptive study was carried out in accordance with the desired standards of the Ministry of Health and World Health Organization regarding care on delivery, evaluating the resources and the

  2. Uso da eletroestimulação transcutânea para alívio da dor durante o trabalho de parto em uma maternidade-escola: ensaio clínico controlado The use of transcutaneous nerve stimulation for pain relief during labor in a teaching hospital: a randomized controlled trial

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Flávia Augusta de Orange

    2003-02-01

    Full Text Available OBJETIVOS: determinar os desfechos maternos e neonatais de acordo com a aplicação ou não de estimulação elétrica transcutânea (EET para alívio da dor do trabalho de parto antes da instalação da técnica combinada (raquianestesia + peridural. MÉTODOS: realizou-se ensaio clínico, randomizado, aberto, envolvendo 22 parturientes, com gestação a termo e feto único em apresentação cefálica, atendidas em hospital-escola de nível terciário em Recife, Brasil. Estas pacientes foram randomizadas para receber ou não EET antes da instalação da anestesia combinada (raquianestesia + anestesia peridural para analgesia de parto. Avaliaram-se a intensidade da dor pela escala analógica visual (EAV, o tempo transcorrido entre a avaliação inicial e a necessidade de instalação da anestesia combinada, a duração do trabalho de parto, a freqüência de cesariana e parto instrumental, os escores de Apgar e a freqüência de hipóxia neonatal. Para análise estatística, foram utilizados os testes de Mann-Whitney e exato de Fisher, considerando-se o nível de significância de 5%. RESULTADOS: o tempo decorrido entre a avaliação da dor da parturiente e a necessidade de instalação da técnica combinada foi significativamente maior no grupo da EET (mediana de 90 minutos quando comparado ao grupo controle (mediana de 30 minutos. A duração do trabalho de parto foi similar nos dois grupos (em torno de seis horas. Não houve diferença na evolução dos escores de EAV durante o trabalho de parto. A freqüência de cesariana foi de 18,2% nos dois grupos. Apenas um parto foi ultimado a fórcipe, no grupo controle. A mediana do escore de Apgar no quinto minuto foi 10, não se encontrando nenhum caso de hipóxia neonatal. CONCLUSÕES: a aplicação de EET foi efetiva em retardar a instalação da anestesia combinada para manter analgesia satisfatória durante o trabalho de parto, porém não apresentou efeito significativo sobre a intensidade da

  3. Vivenciando o parto humanizado: um estudo fenomenológico sob a ótica de adolescentes

    OpenAIRE

    Oliveira,Zuleyce Maria Lessa Pacheco de; Madeira,Anézia Moreira Faria

    2002-01-01

    Este estudo teve por objetivo compreender o que significa para as adolescentes passarem pelo parto dito humanizado. Paraisso, utilizei a fenomenologia como trajetória de pesquisa, para chegar a essência do fenômeno. Participaram do estudooito adolescentes que foram atendidas no Hospital Sofia Feldman, instituição filantrópica, sem fins lucrativos - BeloHorizonte/MG. Para a coleta de dados utilizei observação de campo e entrevista aberta. O estudo possibilitou apreender trêscategorias de análi...

  4. Condilomatosis genital y embarazo asociada a corioamnionitis y parto prematuro Genital condylomatosis and pregnancy associated with chorioamnionitis and premature delivery

    OpenAIRE

    I. Martínez Montero; M.A. García Mutiloa; R. Ezcurra; G. Campo; E. Arpa; R. Obregozo

    2004-01-01

    Los condilomas genitales están producidos por el virus del papiloma humano. En muchas ocasiones se asocian a otras infecciones genitales (hongos, tricomonas y vaginosis). El embarazo favorece la aparición de condilomas en la región anogenital. A propósito de un caso de condilomatosis genital asociada a corioamnionitis y que desencadenó un parto prematuro realizamos una revisión de la literatura.Genital condylomas are produced by the human papilloma virus. On many occasions they are associated...

  5. Materiales basados en aluminosilicatos de litio con coeficiente de expansión térmica negativos en un amplio intervalo de temperatura, procedimiento de preparación y uso

    OpenAIRE

    Torrecillas, Ramón; Fernández, Adolfo; García Moreno, Olga

    2008-01-01

    Materiales basados en aluminosilicatos de litio con coeficiente de expansión térmica negativos en un amplio intervalo de temperatura, procedimiento de preparación y uso. Nuevo procedimiento para la obtención de materiales cerámicos basados en aluminosilicatos de litio (LAS) con coeficiente de expansión térmica próximos a cero y negativos en el intervalo de temperatura (-150ºC a 450ºC). Estos materiales tienen su aplicación en la fabricación de componentes que requie...

  6. Perfil epidemiológico e evolução clínica pós-parto na pré-eclâmpsia grave Epidemiological profile and postpartum outcome in severe preeclampsia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Brena Carvalho Pinto de Melo

    2009-01-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Descrever o perfil epidemiológico e o comportamento dos níveis tensionais no puerpério de mulheres admitidas durante a gravidez com pré-eclâmpsia grave. MÉTODOS: Realizou-se uma análise secundária de um estudo de coorte, com gestantes acima de 28 semanas de gestação, com diagnóstico de pré-eclâmpsia grave, sem trabalho de parto, admitidas na maternidade do Instituto Materno-Infantil Prof. Fernando Figueira (IMIP, entre novembro de 2006 e setembro de 2007. Pacientes com hipertensão arterial crônica, doenças auto-imunes, diabetes, gestação gemelar e sinais clínicos de instabilidade hemodinâmica foram excluídas. Analisaram-se características biológicas, demográficas, obstétricas, além do comportamento da pressão sistólica e diastólica no puerpério. RESULTADOS: Incluiu-se 154 pacientes com pré-eclâmpsia grave. A média de idade foi de 25,1 + 6,5 anos. Em relação à escolaridade, 45,5% tinham 11 anos completos de estudos, 20,1% dos partos foram transpelvinos e a frequência de prematuridade encontrada foi de 59,7%. Houve dois casos de eclâmpsia, dezoito casos de síndrome HELLP e 43 casos de oligúria. A duração do internamento hospitalar puerperal variou de 1 a 30 dias e 45% das pacientes permaneceram internadas até o sétimo dia pós-parto. Emergências hipertensivas foram registradas em 53,9% das pacientes no pós-parto. Receberam alta em uso de droga anti-hipertensiva 76,5% das pacientes. Em relação à evolução dos níveis tensionais, observou-se queda dos níveis a partir do terceiro dia pós-parto. CONCLUSÃO: Puérperas com pré-eclâmpsia grave têm controle pressórico a partir do terceiro dia pós-parto e elevada freqüência de alta hospitalar em uso de drogas anti-hipertensivas.BACKGROUND: To describe maternal characteristics and blood pressure behavior in the puerperium of women admitted, during pregnancy, with diagnosis of severe preeclampsia. METHODS: A cohort study was conducted

  7. Analgesia de parto em paciente portadora de deficiência de proteína S: relato de caso Analgesia de parto en paciente portadora de deficiencia de proteína S: relato de caso Labor analgesia in protein S deficient patient: case report

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renato Mestriner Stocche

    2004-02-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Na deficiência de proteína S, uma glicoproteína com atividade anticoagulante, o risco de eventos tromboembólicos está aumentado. O objetivo deste relato é abordar o manuseio anestésico em paciente obstétrica portadora desta deficiência. RELATO DO CASO: Paciente com deficiência de proteína S, com 25 semanas de gestação, apresentou os seguintes resultados de exames: INR = 0,9, TTPA = 32 s (controle 25,6, proteína S = 35% (normal = 70% a 130%. Nos dois últimos trimestres de gravidez, fez uso de até 12000 U de heparina, cada 8 horas. Com 38 semanas, foi internada em trabalho de parto. Decorridas 8 horas da interrupção da heparina, já com TTPA 25,8 s (controle 27,8 s, realizou-se anestesia peridural injetando-se 6 ml de bupivacaína a 0,2% e fentanil (20 µg, seguido de infusão contínua. O tempo de infusão foi de 5 horas com dose total de 40 mg de bupivacaína. Não houve intercorrências e, 1 hora após a retirada do cateter, foi reiniciada heparina, por via subcutânea, 10.000 UI, a cada 12 horas. A mãe e o recém-nascido evoluíram bem, recebendo alta no terceiro dia do pós-parto. CONCLUSÕES: Grávidas com deficiência de proteína S devem receber anticoagulantes com o objetivo de manter o TTPA 2 vezes o valor controle. A heparina, por não atravessar a barreira placentária, é o anticoagulante de eleição em obstetrícia. O bloqueio pode ser realizado respeitando um tempo mínimo entre 4 a 6 horas entre a última dose de heparina e a realização da punção lombar, desde que os exames apresentem parâmetros de normalidade. Entretanto, nestes casos, a analgesia peridural pode auxiliar na profilaxia de eventos tromboembólicos.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: En la deficiencia de proteína S, una glucoproteína con actividad anticoagulante, el riesgo de eventos tromboembólicos está aumentado. El objetivo de este relato es abordar el manoseo anestésico en paciente obstétrica portadora de esta

  8. Avaliação do efeito da cintilação ionosférica e de diferentes intervalos de tempo de coleta de dados no posicionamento por ponto preciso na sua forma on-line

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rodrigo Santos Mendes da Rocha

    2017-06-01

    Full Text Available O PPP é um método de posicionamento por GNSS que utiliza efemérides precisas, correções dos relógios dos satélites e possíveis modelagens de erros. As possibilidades de aplicações do PPP têm aumentado nos últimos anos, especialmente devido aos serviços on-line, destacando-se entre estes IBGE-PPP, GAPS, APPS e RT_PPP. Esses serviços têm sido utilizados em várias pesquisas e aplicações, porém são poucos os experimentos que consideram ocorrência de cintilação ionosférica. Portanto, no estudo realizado foram selecionados dados de duas estações da RBMC em regiões de alta e baixa atividade ionosférica. Utilizou-se dados de duas épocas do ano, com fraca e forte influência da cintilação ionosfera, buscando-se avaliar o desempenho dos serviços de PPP ­on-line em diferentes intervalos de tempo de coleta de dados GNSS e sob a influência da cintilação ionosférica no posicionamento PPP utilizando o software RT_PPP. Com os dados disponíveis o IBGE-PPP obteve melhores resultados que os demais softwares e o aumento de tempo de coleta de dados melhorou a acurácia do posicionamento. A estação na região sob menor cintilação ionosférica no período de maior atividade ionosférica alcançou resultados mais acurados, entretanto, não se pôde concluir que o motivo foi a cintilação ionosférica.

  9. Parto distócico asociado a luxo-fractura cervical y compromiso neurológico. Reporte de 4 casos.

    OpenAIRE

    Gaston Eljure; Rodrigo Remondino; Romina Corrado; Eduardo Galaretto; Mariano Noel; Alejandra Francheri Wilson; Carlos Alberto Tello; Ernesto Bersusky

    2015-01-01

    Introducción La luxo-fractura de la columna cervical asociada a lesión neurológica durante el nacimiento es infrecuente, y solo se diagnostican el 10% de estas lesiones. En su gran mayoría se asocian a mecanismos de hiperextensión cefálica intrauterina o tracción axial durante el parto distócico. Material y método Se presentaron 4 casos de pacientes recién nacidos a término con antecedentes de parto vaginal distócico de hombros, derivados a nuestra institución de Maternidades locales...

  10. Stress na gestação e no puerpério: uma correlação com a depressão pós-parto Stress in pregnancy and puerperium: a correlation with postpartum depression

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Olga Maria Piazentin Rolim Rodrigues

    2011-09-01

    Full Text Available OBJETIVO: Descrever e comparar as fases do stress de primigestas no terceiro trimestre de gestação e no pós-parto e correlacioná-las à ocorrência de depressão pós-parto (DPP. MÉTODOS: A pesquisa foi constituída de duas etapas, caracterizando-se como pesquisa longitudinal. Na Etapa 1, participaram 98 primigestas e na Etapa 2, 64 delas. Na Etapa 1, a coleta de dados aconteceu no terceiro trimestre de gestação e, na Etapa 2, no mínimo 45 dias após o parto. Na Etapa 1 aplicou-se o Inventário de Sintomas de Stress de Lipp (ISSL e uma Entrevista Inicial para caracterização da amostra. Na Etapa 2, aplicou-se novamente o ISSL e também a EPDS (Escala de Edimburgo. Os dados foram analisados usando o programa estatístico SPSS for Windows®, versão 17.0. As análises estatísticas efetuadas foram o Teste t de Student e p de Spearman. RESULTADOS: No terceiro trimestre, 78% das participantes apresentaram sinais significativos para stress e, no puerpério, 63% manifestaram, apresentando diferença significativa entre o stress manifestado no terceiro trimestre e no puerpério (t=2,20; p=0,03. Observou-se, também, correlação entre o stress apresentado tanto na gestação como no puerpério e a manifestação de DPP (pPURPOSE: To describe and compare the phases of stress of primiparae in the third trimester of pregnancy and postpartum, associating them with the occurrence of postpartum depression. METHODS: The study consisted of two stages (Stage 1 and Stage 2, characterized as longitudinal research. Ninety-eight primiparae participated in Stage 1, and 64 of them participated in Stage 2. In Stage 1, data were collected in the third trimester of pregnancy, and in Stage 2, at least 45 days after delivery. The Stress Symptoms Inventory Lipp (ISSL was applied in Stage 1 and an interview was held to characterize the sample. In Stage 2, we applied again the ISSL and also the EPDS (Edinburgh Postnatal Depression Scale. Data were analyzed using

  11. Hegemonia e contra-hegemonia no processo de implantação da Casa de Parto no Rio de Janeiro Hegemonía y contra hegemonía en el proceso de implantación de la Casa de Parto en Rio de Janeiro Hegemony and counter-hegemony in the process of implementing the Casa de Parto Birth Center in Rio de Janeiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriana Lenho de Figueiredo Pereira

    2009-12-01

    Full Text Available Estudou-se o processo de implantação da primeira Casa de Parto no Sistema Único de Saúde (SUS da cidade do Rio de Janeiro. Por meio de pesquisa qualitativa objetivou-se identificar os determinantes do processo de implantação da Casa de Parto e analisar a influência dos grupos hegemônicos e contra-hegemônicos neste processo de implantação. O referencial teórico foi o conceito de hegemonia. O método dialético orientou a análise dos dados por meio das categorias metodológicas: contradição, totalidade e historicidade. Foram realizadas entrevistas semiestruturadas no período de janeiro a julho de 2007. Os entrevistados foram quatro gestores da saúde municipal e onze profissionais técnico-administrativos designados para implantar a Casa de Parto. A síntese deste estudo revelou que a implantação da Casa de Parto foi determinada pela contra-hegemonia estabelecida na assistência à gestação e parto fisiológicos.Se estudió el proceso de implantación de la primera Casa de Parto en el Sistema Único de Salud (SUS en la ciudad del Rio de Janeiro. Por medio de una investigación cualitativa se objetivó identificar los determinantes del proceso de implantación de la Casa de Parto y analizar la influencia de los grupos hegemónicos y contra hegemónicos en ese proceso de implantación. El marco teórico fue el concepto de hegemonía. El método dialéctico orientó el análisis de los datos por medio de las categorías metodológicas: contradicción, totalidad e historicidad. Fueron realizadas entrevistas semiestructuradas en el período de enero a julio de 2007. Los entrevistados fueron cuatro gestores de la salud municipal y once profesionales técnicos y administrativos designados para implantar la Casa de Parto. La síntesis de este estudio reveló que la implantación de la Casa de Parto fue determinada por la contra hegemonía establecida en la asistencia a la gestación y parto fisiológicos.This study addressed the

  12. Efeitos do local de deposição do sêmen e do intervalo inseminação/ ovulação sobre a fertilidade de éguas inseminadas com sêmen fresco diluído Effects of semen deposition site and the insemination/ovulation interval on fertility of mares inseminated with fresh diluted semen

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ivis Luiz Gomes de Sena Xavier

    2010-03-01

    Full Text Available Estudou-se o efeito do intervalo da inseminação artificial à ovulação sobre a fertilidade de éguas, considerando principalmente o local de deposição do sêmen. Os intervalos foram de 48 horas e 24 horas antes da ovulação e de 48 horas e 72 horas entre as duas últimas inseminações. As inseminações foram realizadas no ápice do corno uterino, por via intravaginal profunda, com 1/5 da dose inseminante utilizada para o corpo do útero (15 mL-GI. As éguas foram rufiadas diariamente e inseminadas às segundas, quartas e sextas-feiras, a partir de um folículo de 3,0 a 3,5 cm de diâmetro, com sêmen fresco diluído em diluidor de leite desnatado-glicose. Não houve diferença nas taxas de concepção/ciclo entre as inseminações realizadas no corpo (42,86% e no ápice (45,95% com concentrações médias de 489 e 102 milhões de espermatozoides móveis. Não foram observadas diferenças entre os grupos experimentais no mesmo intervalo inseminação artificial/ovulação, no entanto, quando as taxas de concepção foram comparadas entre intervalos em mesmo local de deposição do sêmen, taxas de concepção inferiores estiveram relacionadas às inseminações realizadas antes da ovulação. Por outro lado, as inseminações realizadas antes e após a ovulação, independentemente dos intervalos inseminação/ovulação, resultaram em melhores taxas de concepção. As concentrações espermáticas/dose inseminante podem ser significativamente reduzidas, sem prejuízo à fertilidade, quando o sêmen é depositado próximo à papila tubárica. Entretanto, há necessidade de inseminações antes e depois da ovulação para que se obtenham melhores taxas de fertilidade quando se utiliza sêmen de baixa viabilidade no trato genital da égua, visando ao estabelecimento de um reservatório espermático adequado no momento da ovulação.The effect of the interval from artificial insemination to ovulation on mare fertility rates was studied

  13. Efeitos de esmolol, lidocaína e fentanil nos intervalos dispersão da onda P, QT, QTc e respostas hemodinâmicas à intubação endotraqueal durante indução com propofol: um estudo comparativo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Volkan Hancı

    2013-06-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Investigar o efeito de esmolol, lidocaína e fentanil na dispersão da onda P (DP, durações dos intervalos QT e QT corrigido (QTc e as respostas hemodinâmicas à intubação endotraqueal durante a indução com propofol. MÉTODOS: Foram incluídos 80 pacientes adultos, estado físico ASA I ou II, idade entre 18 e 60 anos, neste estudo prospectivo, randômico e duplo-cego. Todos os pacientes foram submetidos a exame eletrocardiográfico (ECG antes da indução da anestesia. Os pacientes foram randomicamente alocados em quatro grupos iguais. O grupo controle (Grupo C recebeu 5 mL de solução salina; o grupo esmolol (Grupo E recebeu 0,5 mg.kg-1 de esmolol; o grupo fentanil (Grupo F recebeu 2 µg.kg-1 de fentanil e o grupo lidocaína (Grupo L recebeu 1,5 mg.kg-1 de lidocaína antes da indução anestésica. A anestesia foi induzida com propofol. ECG foi feito em todos os pacientes durante o primeiro e o terceiro minutos de indução, 3 minutos após a administração de relaxante muscular e 5 e 10 minutos após intubação. A DP e intervalos QT foram medidos em todos os ECGs. Os intervalos QTc foram determinados com o uso da fórmula de Bazett. Frequência cardíaca (FC e pressão arterial média (PAM foram registradas antes e depois da indução anestésica, imediatamente após a intubação e em 1, 3, 5, 7 e 10 minutos após a intubação. RESULTADOS: Após a intubação, a FC aumentou significativamente nos Grupos C, L e F em comparação com o grupo controle. Porém, não houve diferença significativa nos valores da FC após a intubação entre os grupos E e controle. Nos Grupos C e L, a PAM aumentou significativamente após a intubação em comparação com o grupo controle. No entanto, nos Grupos L, F e E não houve diferença significativa entre os valores da PAM após a intubação em comparação com o grupo controle. A DP foi significativamente mais longa no Grupo C após a intubação em comparação com o

  14. Características das gestações, partos e recém-nascidos da região metropolitana de Aracaju, Sergipe, Brasil Characteristics of pregnancies, deliveries and newborns in the Metropolitan Region of Aracaju, State of Sergipe, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ricardo Queiroz Gurgel

    2009-06-01

    Full Text Available OBJETIVOS: descrever as características das gestações, partos e nascimentos da região metropolitana de Aracaju. As principais características demográficas e socioeconômicas e de atenção à saúde da população foram avaliadas. MÉTODOS: estudo transversal dos nascimentos ocorridos entre março e julho de 2005, procedentes da região metropolitana de Aracaju, Sergipe, Brasil. Todas as mães que tiveram parto único nascido vivo foram entrevistadas através de um questionário estruturado, com informações sobre as condições demográficas, socioeconômicas, história sexual/reprodutiva. Registros do peso, comprimento e perímetro cefálico das crianças foram transferidos para o questionário. Foi feita comparação com outros estudos brasileiros de características semelhantes. RESULTADOS: foram analisados 4746 nascimentos de parto único de Aracaju, com 69% das mães referindo renda inferior a três salários mínimos. As mães adolescentes representaram 20,6% da amostra. Entre todos os nascimentos, 7,7% tiveram duração inferior a 37 semanas, percentual semelhante ao de baixo peso ao nascer (7,2%. Prevaleceu a assistência pré-natal oferecida pelo Sistema Único de Saúde (SUS (76,0%, que custeou 85,2% dos partos. Destes, 31,6% foram cesáreas. CONCLUSÕES: o estudo mostrou menores percentuais de partos cesária, prematuridade e baixo peso ao nascer que os encontrados em Ribeirão Preto, São Luís e Pelotas. Estudos como este podem ser muito úteis ao planejamento de saúde perinatal.OBJECTIVES: to describe the characteristics of pregnancies, deliveries and the status of newborns at birth in the Metropolitan Area of Aracaju. The main demographic and socioeconomic characteristics and details of the medical care given to the population under study are presented. METHODS: a cross-sectional study was carried out of all deliveries in the maternity hospitals of Aracaju, in the State of Sergipe, Brazil, from March-July 2005. All

  15. PARTOS - Passive and Active Ray TOmography Software: description and preliminary analysis using TOMO-ETNA experiment’s dataset

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alejandro Díaz-Moreno

    2016-09-01

    Full Text Available In this manuscript we present the new friendly seismic tomography software based on joint inversion of active and passive seismic sources called PARTOS (Passive Active Ray TOmography Software. This code has been developed on the base of two well-known widely used tomographic algorithms (LOTOS and ATOM-3D, providing a robust set of algorithms. The dataset used to set and test the program has been provided by TOMO-ETNA experiment. TOMO-ETNA database is a large, high-quality dataset that includes active and passive seismic sources recorded during a period of 4 months in 2014. We performed a series of synthetic tests in order to estimate the resolution and robustness of the solutions. Real data inversion has been carried out using 3 different subsets: i active data; ii passive data; and iii joint dataset. Active database is composed by a total of 16,950 air-gun shots during 1 month and passive database includes 452 local and regional earthquakes recorded during 4 months. This large dataset provides a high ray density within the study region. The combination of active and passive seismic data, together with the high quality of the database, permits to obtain a new tomographic approach of the region under study never done before. An additional user-guide of PARTOS software is provided in order to facilitate the implementation for new users.

  16. Sintomas urinários e função muscular do assoalho pélvico após o parto Urinary symptoms and the pelvic floor muscle function after delivery

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Claudia Pignatti Ferederice

    2011-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: avaliar a prevalência de sintomas urinários e a associação da função muscular do assoalho pélvico com sintomas urinários de primíparas com 60 dias pós-parto vaginal com episiotomia e cesariana depois do trabalho de parto. MÉTODOS: análise tipo corte transversal da função muscular do assoalho pélvico 60 dias pós-parto de mulheres atendidas ambulatorialmente. Foi avaliada a função muscular (tônus basal, contração voluntária máxima e contração sustentada média por eletromiografia de superfície e por graduação de força (graus 0-5. Em entrevista, foram identificados os sintomas urinários e excluídas as mulheres com dificuldade de compreensão, déficit motor/neurológico de membros inferiores, cirurgia pélvica prévia, diabetes, contraindicação para palpação vaginal e praticantes de exercícios para musculatura do assoalho pélvico. Foram utilizados os testes do χ2 e Exato de Fisher para comparar proporções e o teste Mann-Whitney para comparar médias. RESULTADOS: foram avaliadas 46 puérperas, com média de 63,7 dias pós-parto. Os sintomas mais prevalentes foram noctúria (19,6%, urgência (13% e aumento de frequência urinária diurna (8,7%. Puérperas obesas e com sobrepeso tiveram 4,6 vezes mais queixa destes sintomas (RP=4,6 [IC95% 1,2-18,6; valor p=0.0194]. A perda urinária aos esforços foi a mais prevalente das incontinências (6,5%. Os valores médios encontrados para tônus de base, contração voluntária máxima e contração sustentada média foram 3µV, 14,6µV e 10,3µV e a maioria (56,5% apresentou grau 3 de força muscular. Não se observou associação entre sintomas urinários e função muscular do assoalho pélvico. CONCLUSÃO: a prevalência de sintomas urinários foi baixa aos 60 dias pós-parto e não houve associação entre função muscular do assoalho pélvico e sintomas urinários.PURPOSE: to evaluate the prevalence of urinary symptoms and association between pelvic

  17. Escalas de rastreamento para depressão pós-parto: uma revisão sistemática Escalas de rastreo para depresión postparto: una revisión sistemática Postpartum depression screening scales: a systematic review

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliana Machado Schardosim

    2011-03-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi realizar uma revisão sistemática sobre as escalas de rastreamento de Depressão Pós-Parto (DPP aplicadas até 16 semanas após o parto em puérperas acima de 15 anos. Buscaram-se artigos em quatro bases de dados. Os artigos deveriam indicar a definição e a validação precisa dos instrumentos utilizados. Dos 424 resumos, 62 foram acessados na íntegra e, de acordo com os critérios estabelecidos, foram incluídos 18 artigos nesta revisão. O período de rastreamento de DPP variou de 2 a 10 dias pós-parto e o reteste entre 8 e 16 semanas pós-parto. A DPP foi diagnosticada entre 8,8 a 40% da amostra dos estudos. A escala mais utilizada foi a Edinburg Depression Postpartum Scale (EDPS. Concluiu-se que as escalas são comumente utilizadas em pesquisas, mas podem ser uma ferramenta facilitadora para identificação de DPP na assistência às gestantes e às puérperas.El estudio objetivó realizar una revisión sistemática sobre las escalas de rastreo de Depresión Postparto (DPP aplicado hasta 16 semanas postparto en puérperas con más de 15 años. Se buscaron artículos en 4 bases de datos. Los artículos deberían indicar la definición y la validación exacta de los instrumentos utilizados. De los 424 resúmenes, se accedió a 62 íntegramente y de acuerdo con los criterios establecidos, se incluyeron 18 artículos en esta revisión. El período de rastreo varió de 2 a 10 días postparto y la nueva prueba entre 8 y 16 semanas postparto. La DPP fue diagnosticada entre 8,8 y 40% de la muestra de los estudios. Edinburgh Depression Postpartum Scale (EDPS fue la escala más utilizada. Se concluyó que las escalas se usan generalmente en investigaciones pero pueden resultar una herramienta facilitadora para identificar la DPP en la atención a las gestantes y puérperas.This study aimed at conducting a systematic review of postpartum depression (PPD screening scales in puerperal applied until 16 weeks after

  18. El parto de las mujeres cántabras en la obra de Estrabón The cántabras women's labour in the work of Estrabón

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Inmaculada García García

    2010-03-01

    Full Text Available Un texto del geógrafo griego Estrabón referente al parto de las mujeres cántabras (pueblo hispano prerromano, ha merecido en muchas ocasiones la atención de los investigadores. La mención de Estrabón ha sido considerada generalmente como una prueba de la posible existencia reciente de un matriarcado entre los pueblos cántabros. En el presente trabajo se discute dicha apreciación y se concluye que, con mucha más probabilidad, la alusión de Estrabón fue producto de la incomprensión de las costumbres y de los ritos de los cántabros, así como resultado de la visión etnocéntrica de los escritores greco-romanos.The text of the Greek geographer Strabon, refers to the labour of the women Cantabrians (Hispanic Pre-roman people has deserved usually the attention of the investigations. The mention of Strabon has been considered generally as a proof of the possible recent existence of a matriarchy between the Cantabrians people. In this project this assessment is discussed and the conclusions is that more probability, the Strabon's allusion was a product of the incomprehension of the customs and the rites of the Cantabrians people, as well as the result of the ethnocentric view characteristic of the Greek-Romans writers.

  19. Oxigênio suplementar e incidência de náuseas e vômitos perioperatórios no parto cesariano sob anestesia subaracnoidea Oxígeno suplementario e incidencia de náuseas y vómitos perioperatorios en el parto cesariano bajo anestesia subaracnoidea Supplemental oxygen and the incidence of perioperative nausea and vomiting in cesarean sections under subarachnoid block

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernanda Salomão Turazzi Pécora

    2009-10-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Oxigênio suplementar pode reduzir a incidência de náuseas e vômitos pós-operatórios em pacientes submetidos à anestesia geral. O objetivo deste estudo foi testar a eficácia do oxigênio suplementar durante a cesariana eletiva sob anestesia subaracnoidea em diminuir a incidência de náuseas e vômitos perioperatórios. MÉTODO: Após indução de anestesia subaracnoidea padronizada, noventa e quatro parturientes submetidas ao parto operatório foram distribuídas de forma aleatória para receberem, através de cateter nasal tipo óculos, 4 L.min-1 de oxigênio (Grupo O ou ar comprimido (Grupo S até o final do procedimento. As pacientes foram inquiridas acerca da ocorrência de náuseas e vômitos durante a operação e nas primeiras seis e 24 horas de pós-parto. RESULTADOS: Os dois grupos mostraram-se comparáveis quanto às variáveis demográficas, perioperatórias e quanto aos dados do recém-nascido. No Grupo O, a incidência de náusea durante a operação nas primeiras 6 horas de pós-operatório e entre 6 e 24 horas de pós-operatório foi de 35%, 20% e 13%, respectivamente, enquanto no Grupo S foi de 35%, 30% e 19%, respectivamente. A incidência de vômito no Grupo O foi de 9%, 11% e 6% nos períodos correspondentes e no Grupo S 21%, 7% e 7%, respectivamente. Essas diferenças não foram significativas. CONCLUSÕES: Na população estudada, a oxigenoterapia suplementar desde a indução da anestesia até o término da operação não reduziu a incidência de náuseas ou vômitos intraoperatórios e pós-operatórios em mulheres submetidas ao parto cesariano sob anestesia subaracnoidea.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: El oxígeno suplementario puede reducir la incidencia de náuseas y vómitos postoperatorios en pacientes sometidos a la anestesia general. El objetivo de este estudio, fue comprobar la eficacia del oxígeno suplementario durante la cesárea electiva bajo anestesia subaracnoidea, para reducir

  20. Representações acerca da maternidade no contexto da depressão pós-parto Representations concerning motherhood in postpartum depression context

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniela Delias de Sousa

    2011-01-01

    Full Text Available O presente estudo investigou as representações acerca da maternidade no contexto da depressão pós-parto. Participaram do estudo duas mães encaminhadas para a realização de uma psicoterapia breve pais-bebê devido à presença de depressão no primeiro ano de vida de suas filhas. Entrevistas de avaliação realizadas antes da psicoterapia foram analisadas a partir dos quatro eixos interpretativos que constituem a constelação da maternidade, proposta por Stern (1997: vida-crescimento; relacionar-se primário; matriz de apoio; e reorganização da identidade. Nos relatos de ambas as mães apareceram representações acerca do sentimento de não ser capaz de cuidar do bebê logo após o nascimento, de ser pouco apoiada pelo companheiro, bem como uma reavaliação do relacionamento com suas próprias mães e com seus cônjuges. Verificou-se também que as representações de cada mãe apontaram para uma estreita associação entre seus conflitos pregressos e a interação atual com o marido e com o bebê.The present study investigated the representations concerning motherhood in the context of postpartum depression. The study sample was composed by two mothers referred to a brief parent-infant psychotherapy due to depression during the first year of their daughters' life. Interviews of evaluation carried out before psycotherapy were analyzed according to four interpretative axes of the motherhood constellation proposed by Stern (1997: life-growth; primary relatedness; supporting matrix; and identity reorganization. In the stories of both mothers there were representations concerning the feeling of not being capable to take care of their baby after birth, of being little supported by their husbands, as well as a reevaluation of the relationship with their own mothers and spouses. It was verified that the representations revealed a close association between their past conflicts and the current interaction with the husband and with the baby.

  1. O Pré-Natal Psicológico como Programa de Prevenção à Depressão Pós-Parto

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Natália Maria de Castro Almeida

    Full Text Available Resumo O pré-natal psicológico (PNP é uma prática complementar ao pré-natal tradicional, voltado para maior humanização do processo gestacional, e se propõe a prevenir situações adversas potencialmente decorrentes desse processo. O objetivo da pesquisa foi avaliar a eficácia do PNP na prevenção à depressão pós-parto (DPP em gestantes de alto risco internadas em um hospital público, em Brasília. Optou-se pelo delineamento metodológico da pesquisa-ação. A pesquisa foi realizada com 10 gestantes de alto risco, sendo que cinco delas participaram do PNP (grupo A e cinco não participaram do PNP (grupo B. Os instrumentos utilizados foram: perfil gestacional, perfil puerperal, questionário avaliativo, sessões e materiais produzidos no grupo de PNP, Inventário Beck de Depressão e Ansiedade (BDI, BAI e Escala COX. Foi utilizado como procedimento deste trabalho a análise mista dos resultados. Os resultados foram comparados entre os dois grupos e verificou-se que ambas colaboradoras encontravam-se vulneráveis, apresentando vários fatores de risco, portanto com tendência a desenvolver a DPP, entretanto, somente as colaboradoras do grupo B apresentaram DPP. Esses achados sugerem que o pré-natal psicológico associado a fatores de proteção presentes na história das grávidas pode ajudar a prevenir a DPP. Defende-se que a assistência psicológica na gestação, por meio da utilização do PNP, é importante instrumento psicoprofilático que deve ser implementado como uma política pública em contextos da saúde.

  2. Utilização da "linha púrpura" como método clínico auxiliar para avaliação da fase ativa do trabalho de parto The use of the "purple line" as an auxiliary clinical method for evaluating the active phase of delivery

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nádia Zanon Narchi

    2011-09-01

    Full Text Available OBJETIVOS: investigar a ocorrência da linha púrpura com a sua respectiva descoloração em mulheres na fase ativa do trabalho de parto e sua associação com a dilatação cervical, com o grau de descida da apresentação fetal na pelve bem como a caracterização social e obstétrica, e a opinião das mulheres quanto à utilização desse método clínico. MÉTODOS: pesquisa descritiva, prospectiva e observacional em 100 parturientes em um centro de parto normal no Estado de São Paulo. RESULTADOS: a linha púrpura ocorreu em 56 das 100 mulheres na fase ativa do trabalho de parto. Houve correlação estatística significativa entre as medidas da dilatação cervical e da linha; 22% apresentaram descoloração da linha púrpura, não havendo associação entre número de mulheres com descoloração da linha e descida da cabeça fetal. Para 81% das parturientes a avaliação não provocou nenhum desconforto. CONCLUSÕES: desde que haja a presença da linha, sua avaliação pode ser utilizada para diminuir o número de exames vaginais, especialmente quando estes tiverem o objetivo de medir unicamente a dilatação cervical.OBJECTIVES: to investigate the occurrence of the purple line and its respective discoloration in women during the active phase of labor and its association with dilation of the cervix and the position of the fetus in the pelvis. METHODS: a descriptive, prospective, observational study was carried out in 100 women in labor at a normal delivery clinic in the State of São Paulo. RESULTS: the purple line appeared in 56 of the 100 women in the active phase of labor. There was a statistically significant correlation between the measurements for dilation of the cervix and those for the line; in 22% the purple line was discolored and there was no association between the number of women with this discoloration and the extent to which the head of the fetus had descended in the cervix. For 81% of the women in labor, the evaluation

  3. Modelagem multicritério para seleção de intervalos de manutenção preventiva baseada na teoria da utilidade multiatributo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adiel Teixeira de Almeida

    2005-04-01

    Full Text Available O problema de seleção de intervalos ou periodicidade para manutenção preventiva foi analisado através de um modelo de decisão multicritério. Este modelo de decisão apóia decisores na escolha da melhor combinação das conseqüências custo e confiabilidade, analisando um contexto de sistema de produção de serviços. O modelo de decisão é baseado na Teoria da Utilidade Multiatributo (MAUT. O artigo apresenta os principais aspectos teóricos e os elementos básicos utilizados para construção do modelo. Uma aplicação numérica é apresentada para ilustrar o uso do modelo de decisão.The problem of interval selection for preventive maintenance has been analysed through a multicriteria decision model. This decision model supports decision makers in choosing the best combination of consequences cost and reliability, analysing a context of service production systems. The decision model is based on the multiattribute utility theory (MAUT. The paper presents the main theoretical and practical aspects related to model building. A numerical application is presented in order to illustrate the use of the decision model.

  4. Estimativa do intervalo pós-morte em um canino (Canis lupus familiaris Linnaeus 1758 pela entomologia forense em Cabedelo-PB, Brasil: relato de caso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    G. Martins

    2013-08-01

    Full Text Available O intervalo pós-morte (IPM é um instrumento importante de diagnóstico relacionado à prática forense. O uso de insetos tem sido relatado como um modo eficiente para estimá-lo, quando o cadáver encontra-se em estágio avançado de decomposição. Objetivou-se com este trabalho estimar o IPM com base em evidências entomológicas em um canino. Foram coletadas larvas de moscas no cadáver e encaminhadas ao laboratório de entomologia, onde foram criadas e eclodiram adultos da espécie Chrysomya albiceps (Wiedemann, 1819. Somando-se os dados abióticos de temperatura e umidade relativa do local de coleta e do local de criação, estimou-se um IPM mínimo de 3,34 dias do momento da postura dos ovos pelas moscas até a coleta das larvas. Com base nos resultados obtidos, conclui-se que a entomologia forense, como ferramenta para estimativa do IPM, mostrou-se eficaz e determinante na elucidação do caso em questão.

  5. Entomología forense: el ciclo de vida de la mosca verde Phaenicia eximia (Wiedemann (Diptera: Calliphoridae, como herramienta para estimar el intervalo post-mortem

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Enio B. Cano

    2017-03-01

    Full Text Available Se estudió el ciclo de vida de la mosca verde Phaenicia eximia (Wiedemann en condiciones controladas de laboratorio a 26 o C, con una humedad relativa de 75% y un período de iluminación de 12 h de luz y 12 h de oscuridad. El tiempo promedio de desarrollo estimado desde la oviposición hasta la salida de los adultos fue de 306 h (una media de casi 13 días. Bajo estas condiciones de temperatura y humedad, los huevos duran cerca de 19 h (0.8 días, las larvas duran unas 170 h (7.1 días y las pupas unas 116 h (4.8 días. En los meses secos y fríos de noviembre y diciembre en condiciones naturales, el ciclo de vida empírico fue de 25 días, implicando que las bajas temperaturas ralentizan el crecimiento y las altas lo aceleran. Se discute acerca de la importancia del ciclo de vida en la estimación del intervalo post-mortem en casos de muertes violentas en Guatemala.

  6. A mulher no pós-parto domiciliar: uma investigação sobre essa vivência La mujer en el posparto domiciliario: una investigación sobre esa vivencia The woman in the home postpartum: a research about this existence

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lucia Helena Garcia Penna

    2006-12-01

    Full Text Available Investigamos a vivência do pós-parto domiciliar pela mulher a partir de sua percepção acerca dos sentimentos, mudanças e situações desse período. Numa abordagem qualitativa, entrevistamos oito puérperas, entre o 15º e o 30º dias de pós-parto, atendidas nas consulta de enfermagem de revisão puerperal numa Unidade Básica de Saúde (UBS/SMS/RJ. A técnica utilizada na análise foi a de Análise de Conteúdo, na qual emergiu as seguintes categorias: Atendimento das expectativas, Situação das Relações Interpessoais, Situação da Relação Intrapessoal (sentimentos e sensações; relação com o corpo. Constatamos que as depoentes vivenciaram o pós-parto com satisfação, porém identificamos também uma desvalorização do ser mulher e do autocuidado em prol da atenção ao recém-nascido. Percebemos a importância da participação familiar no processo maternal e a realização de um acompanhamento pós-parto que aborde os reais sentimentos desse período, o resgate da autonomia sobre si mesmas e outros aspectos da subjetividade das puérperas.Investigamos la viviencia del post-parto domiciliario por la mujer desde su percepición sobre los sentimientos, cambios y situaciones de esto período. En un abordaje cualitativo, entrevistamos ocho puérperas, entre el 15° y el 30° día de post-parto, ayudadas en las consultas de enfermería de revisión puerperal en una Unidad Basica de Salud (UBS/SMS/RJ. La tecnica usada en el analisis fué la de Analisis de Contenido, en el cual emergió las seguientes categorías: Atendimiento de las Expectativas, Situaciones de las Relaciones Interpersonais, Situaciones de Relación Intrapersonal (sentimientos y sensaciones; relación con el cuerpo. Fué constatado que las deponentes vivieron el post-parto con satisfación, pero fué indentificado también una desvaloración del ser mujer y del autocuidado en prol de la atención al recién nacido. Percebimos la importáncia de la participación de

  7. Metaloproteinasa de la matriz 9 cervicovaginal en el segundo trimestre para la predicción de parto pretérmino

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    E. Reyna-Villasmil

    2017-03-01

    Conclusión: Las concentraciones cervicovaginales de metaloproteinasa de la matriz-9 en el segundo trimestre están elevadas en las embarazadas que posteriormente presentan parto pretérmino, pero no son útiles en la predicción de este.

  8. Vivência do parto normal ou cesáreo: revisão integrativa sobre a percepção de mulheres

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Manuela Beatriz Velho

    2012-01-01

    Full Text Available Se realizó una revisión integradora para identificar la contribución de las investigaciones, a nivel nacional e internacional, sobre la percepción que experimentan las mujeres en el parto vaginal y la cesárea. La búsqueda de los artículos se hizo en las bases de datos MEDLINE, LILACS, BDENF, CINAHL y INDEXPSI, de 2000 a 2009, con la selección y análisis de 17 estudios, donde se presentan percepciones positivas y negativas de las mujeres sobre los dos tipos de parto: el papel de la mujer y una mejor recuperación en el parto vaginal, la falta de dolor en la cesárea, la insatisfacción con la atención recibida, y recomendaciones para la práctica obstétrica con sugerencias para futuras investigaciones. Los resultados indican aspectos sobre la atención que pueden contribuir a la satisfacción de las mujeres, y la necesidad de realizar otras investigaciones para entender mejor el proceso multidimensional del parto, ya sea por vía vaginal o cesárea.

  9. Proteína C reactiva plasmática en el segundo trimestre para predicción de parto pretérmino

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    I. Suarez-Torres

    2016-06-01

    Conclusión: Las concentraciones plasmáticas de proteína C reactiva en el segundo trimestre están elevadas en las embarazadas que posteriormente presentan parto pretérmino, pero no son útiles en la predicción de este.

  10. Atenção médica à gestação e ao parto de mães adolescentes Medical care for teenage mothers during pregnancy and at delivery

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Heloisa Bettiol

    1992-12-01

    Full Text Available Estudou-se em Ribeirão Preto, SP, Brasil, no período de 1º de junho de 1978 a 31 de maio de 1979, 98% do universo de nascidos vivos, totalizando 8878 crianças nascidas de parto único, sendo 6750 procedentes de Ribeirão Preto. Observou-se um aumento da proporção de mães adolescentes em Ribeirão Preto (14,1% quando comparada com estudo realizado 10 anos antes (11,7%. A idade materna menor de 20 anos esteve associada com os indicadores mais desfavoráveis para a saúde perinatal, no que diz respeito à atenção médica à gestação e ao parto. Essa situação ficou mais evidente entre as mães adolescentes de classes sociais menos favorecidas, revelando que o grupo de mães adolescentes não é homogêneo, mas apresenta diferentes proporções de risco para a saúde perinatal de acordo com as frações de classe social que existem no seu interior.Ninety-eight percent of all live births occuring in the city of Ribeirão Preto, state of São Paulo (Brazil, from June 1, 1978 to May 30, 1979 were studied, for a total of 8,878 single-delivery infants, 6,750 of whom were from this town. An increase in the proportion of teenage mothers in Ribeirão Preto (14.1% was observed in relation to a study carried out ten years before (11.7%. Maternal age of less than 20 years was associated with more unfavorable perinatal health indicators with respect to medical care and delivery. This situation was more evident among teenage mothers from underprivileged social classes, showing that the group of teenage mothers is not homogeneous but presents different risk rates for perinatal health according to the social strata of which the group is composed.

  11. Eficácia de dinoprostone e misoprostol para indução do trabalho de parto em nulíparas Efficacy of dinoprostone and misoprostol for labor induction in nulliparous women

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tenilson Amaral Oliveira

    2011-03-01

    Full Text Available OBJETIVO: verificar a eficácia e a segurança de dinoprostone e misoprostol para indução do parto vaginal, com ou sem o uso de ocitocina em nulíparas. MÉTODOS: realizou-se estudo retrospectivo, observacional, envolvendo 238 pacientes que foram submetidas à indução do parto de janeiro de 2008 a fevereiro de 2010 com uso de misoprostol 25 mcg via vaginal ou pessário contendo 10 mg de dinoprostone. Desse grupo, foram selecionadas 184 pacientes, que apresentavam as seguintes características: nulíparas, gestação entre 37 e 42 semanas, feto único, apresentação cefálica, membranas íntegras e índice de Bishop PURPOSE: to determine the efficacy and safety of dinoprostone and misoprostol for the induction of vaginal childbirth, with or without the use of oxytocin in nulliparous women. METHODS: in this retrospective observational study, 238 patients were subjected to the induction of delivery from January 2008 to February 2010 with the use of misoprostol 25 mcg by the vaginal route or a pessary containing 10 mg of dinoprostone. A total of 184 patients were selected, with the following characteristics: nulliparous, gestational age of 37-42 weeks, singleton pregnancies, cephalic presentation, intact membranes, and Bishop score < 3. Obstetric and neonatal data were analyzed and compared between groups. The Student t-test, chi-square test and Fisher's exact test were used for statistical analysis, with the level of significance set at p<0.05. RESULTS: the rate of vaginal childbirth did not differ significantly in patients who used misoprostol and dinoprostone (43.2% versus 50%; p = 0.35, respectively. The ripening of cervix was higher in the group treated with misoprostol (87.3% versus 75.6%, p=0.04. The use of oxytocin was necessary in 58.8% of the misoprostol group and 57.3% in the dinoprostone group after the ripening of cervix. Failed induction was the primary indication of caesarean section delivery in both groups, with no significant

  12. A estrutura das representações sociais de mães puérperas acerca da depressão pós-parto The social representations structure of postnatal mothers about postpartum depression

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Evelyn Rúbia de Albuquerque Saraiva

    2007-12-01

    Full Text Available Neste estudo, a depressão pós-parto foi abordada sob a ótica psicossociológica, objetivando apreender e descrever a estrutura central e periférica das representações sociais de mães puérperas. Foram aplicados a técnica de associação livre de palavras, um questionário biodemográfico e a Escala de Edinburg, em 84 participantes de baixa renda e usuárias de um serviço público de saúde. Observou-se uma incidência de 33% de mães puérperas com sintomatologia de depressão. Para o estímulo indutor "depressão", emergiram, no núcleo central, os elementos de tristeza e aperreio, e na zona periférica evidenciaram-se as representações sociais que se alternaram entre paraíso e padecimento. A condição de ser mãe e ter filho, de acordo com o núcleo central, causa contentamento, gera alegria e prazer e, simultaneamente, está associada ao sofrimento psíquico, à representação social da depressão pós-parto. A constatação desses elementos antagônicos presentes nas representações sociais sinaliza para a necessidade de estudos mais aprofundados.In this study, the postpartum depression was dealt with under the psychosociologic view, aiming to learn and describe the central and peripheral structure of postnatal mothers' social representations. To eighty-four participants of low income and users of health public service were applied the free words association, a bio-demografic questionnaire and the Edinburg's Scale. An incidency of 33% of postnatal mothers with depression symptomatology was noticed. For the inductor stimulus "depression", emerged, on the central core, the elements of sadness and harassment, and on the peripheral zone became evident the social representations that changed between paradise and suffering. The condition of being mother and have child, in accordance with the central core, causes contentment, produces happiness and pleasure and, simultaneously, is associated to the psychic suffering, the social

  13. A violência doméstica como indicador de risco no rastreamento da depressão pós-parto Domestic violence as a risk factor in the screening of for post-partum depression

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosiane Mattar

    2007-09-01

    Full Text Available OBJETIVO: apurar a freqüência de risco para depressão pós-parto (DP em puérperas de hospital de São Paulo, região Sudeste do Brasil, e determinar fatores associados - entre eles a violência doméstica (VD. MÉTODOS: estudo descritivo, tipo corte transversal. Participaram 133 mulheres, que tiveram partos com idade gestacional de 20 semanas ou mais, no período de agosto a setembro de 2005, em maternidade terciária em São Paulo (Brasil. Foram entrevistadas empregando-se a versão em português do Abuse Assessment Screen para o diagnóstico de violência e responderam questionário de auto-avaliação do risco de DP (Edinburgh Postnatal Depression Scale. As variáveis foram representadas por freqüências absoluta e relativa. A associação entre as variáveis de interesse e DP foi avaliada pelo teste do chi2 ou exato de Fisher. Adotou-se o nível de significância de 5%. RESULTADOS: o risco de DP foi identificado em 24 puérperas (18%. Das mulheres entrevistadas, 38,3% referiram história de abusos. Observou-se associação entre a ocorrência de VD após os 15 anos de idade e o risco de depressão (p=0,03. A ocorrência de abusos no grupo de mulheres com probabilidade de apresentar DP foi de 58,3%, proporção significativamente maior do que a observada no grupo controle com 33,9%. CONCLUSÕES: a probabilidade de apresentar depressão foi alta entre as puérperas assistidas em maternidade terciária da região Sudeste do Brasil. A VD sofrida após os 15 anos de idade esteve estatisticamente associada ao risco de DP.PURPOSE: to assess the prevalence of the risk of post-partum depression in women in the post-natal ward of a hospital in São Paulo city, in the southeastern region of Brazil, and analyze the associated factors, including domestic violence (DV. METHODS: this was a descriptive, cross-sectional study. The participants were 133 women with at least 20 weeks of gestation age, who delivered their babies from August to September

  14. Entre viajantes, invernos e cidades: duas obras de Italo Calvino

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rebecca Pedroso Monteiro

    2015-02-01

    Full Text Available Esse ensaio pretende realizar uma leitura comparada entre duas obras de Calvino, As cidades invisíveis e Se um viajante numa noite de inverno, observando como se configuram os movimentos de interrupção e transbordamento ali presentes. O recurso do “cancelamento sucessivo” em Se um viajante numa noite de inverno (cujo limite é o “cancelamento do mundo” pode operar como um “falso duplo” dos desdobramentos sucessivos de As cidades invisíveis, em sua complexa alegorização a partir de territórios tão infinitos quanto a memória, o desejo, os símbolos, as trocas, os mortos e o céu. Se de um lado (o do “viajante” temos cortes sucessivos e abruptos que se desdobram em sempre novas operações decisórias e respectivos cortes, como o próprio Calvino reconheceu, de outro (o do “espaço percorrido pelo viajante” temos um único tema (a cidade dobrando-se sobre si mesmo em progressão (quase geométrica. Entre um movimento e outro, o “catálogo indicativo das atitudes existenciais que conduzem a outros tantos caminhos obstruídos” sugerido pelo autor se mostra como um horizonte de desejo impossível, como uma engenhosa metáfora para algo que está entre o movimento do viajante e a imobilidade da paisagem, entre o corte e a multiplicação, entre o que sempre muda e o que nunca se movimenta. O intervalo liminar que todos esses recursos encenam e simbolizam é multiplicado (ou encerrado? na trama de faltas e excessos que é potencializada por cada um dos livros, fazendo da experiência do indizível e da intraduzibilidade da experiência a força narrativa e poética dessas duas obras, e de tudo o que pode ser tecido entre elas.

  15. Análise da incidência de óbitos fetais entre municípios da nona regional de saúde do Paraná

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosane Meire Munhak Silva

    2016-11-01

    Full Text Available Resumo: O objetivo do estudo foi analisar os óbitos fetais entre municípios da nona regional de saúde do Paraná. Pesquisa descritiva com abordagem quantitativa. A coleta aconteceu no primeiro semestre de 2015, no Sistema de Informação de Nascidos Vivos, no Sistema de Informação sobre Mortalidade e nos relatórios do Comitê de Mortalidade Materno e Infantil da nona Regional de Saúde do Paraná. Cinco municípios tiveram aumento nos óbitos fetais entre 2010 e 2013, sendo que, Itaipulândia apresentou os piores índices e Santa Terezinha de Itaipu um aumento de cinco vezes. Entre os óbitos fetais, destacaram-se fetos do sexo masculino, com peso entre 500 e 1499 gramas e idade gestacional de 28 a 36 semanas. Quanto à idade materna, predominou a faixa etária de 20 a 39 anos. Em 2010, a maior parte dos óbitos fetais acorreu com mães de baixa escolaridade, já em 2013, não se observou esta relação. Para a maioria, o tipo de parto foi vaginal, mas ainda se observa que o parto cirúrgico aconteceu em muitos casos de óbito fetal. A construção de estudos sobre a saúde fetal com diferentes enfoques de abordagem torna-se relevante, pois estes têm sido pouco explorados, apesar de sua incontestável importância em termos de saúde pública como indicador da qualidade da assistência pré-natal e ao parto.

  16. Count-to-count time interval distribution analysis in a fast reactor; Estudio de la distribucion de intervalos de tiempo entre detecciones consecutivas de neutrones en un reactor rapido

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Perez-Navarro Gomez, A.

    1973-07-01

    The most important kinetic parameters have been measured at the zero power fast reactor CORAL-I by means of the reactor noise analysis in the time domain, using measurements of the count-to-count time intervals. (Author) 69 refs.

  17. Efeito do intervalo entre recrutamentos foliculares na superovulação de vacas da raça Holandesa não-lactantes Effect of interval between follicular recruitments on superovulatory response in non-lactanting Holstein cows

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    R.M. Santos

    2007-08-01

    Full Text Available Vacas da raça Holandesa não-lactantes, distribuídas em dois grupos, foram sincronizadas com o protocolo Ovsynch modificado. No dia sete (dia 0 = dia do segundo GnRH, o grupo 7 (G-7; n=19 recebeu CIDR usado previamente por cinco dias e 100mcg de GnRH, e o grupo 14 (G-14; n=21, CIDR e 25mg de PGF2alfa. No dia 14 foi aspirado o folículo dominante (FD, trocado o CIDR usado por um novo e foram aplicados 25mg de PGF2alfa. Iniciou-se o tratamento com FSH 36h depois, removeu-se o CIDR com o sétimo FSH e aplicou-se GnRH 36h depois. As inseminações foram feitas 12 e 24h depois. Recuperaram-se os embriões sete dias depois da inseminação artificial. O diâmetro do FD no G-7 foi 13,1±0,57mm no dia sete e 11,2±0,57mm no dia 14. O diâmetro FD persistente no G-14 aumentou de 12,6±0,55mm no dia sete para 16,4±0,55mm no dia 14 (P8mm, 48h após o início do tratamento com FSH, foi maior (PDry Holstein cows were synchronized by a modified Ovsynch protocol. On day 7 (day 0 = day of the second GnRH, group 7 (G-7; n=19 received an used CIDR and GnRH (100µg. Group 14 (G-14; n=21 received an used CIDR and PGF2alpha (25mg. On day 14, the dominant follicle (DF was removed, by aspiration; the used CIDR was changed for a new CIDR plus PGF2alpha. Thirty-six hours later, the FSH treatment was initiated. On the seventh injection of FSH, the CIDR was removed. Thirty-six hours after, the cows received GnRH. Donors were inseminated 12 and 24h after the GnRH injection. Embryos were recovered seven days after AI. The DF diameter in G-7 was 13.1mm on day 7 and 11.2mm on day 14. The persistent DF in the G-14 increased from 12.6mm on day 7 to 16.4mm on day 14 (P8mm, 48h after the beginning of the FSH treatment, was 15.6 in G-7 and 12.5 in G-14 (P<0.05. No treatment effects were detected on number of corpus luteum and embryos. The shorter interval between follicular recruitment the higher the number of recruited follicles, but it did not have effects on the number or quality of embryos produced.

  18. Colonização bacteriana do canal cervical em gestantes com trabalho de parto prematuro ou ruptura prematura de membranas Cervical bacterial colonization in women with preterm labor or premature rupture of membranes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Giuliane Jesus Lajos

    2008-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: estudar a colonização bacteriana do canal cervical em gestantes com trabalho de parto prematuro ou com ruptura prematura de membranas. MÉTODOS: foram avaliadas 212 gestantes com trabalho de parto prematuro ou ruptura prematura de membranas. Na admissão hospitalar foram coletadas duas amostras do conteúdo endocervical e realizadas bacterioscopia e cultura em meios ágar sangue e ágar chocolate. Foram analisadas associações da colonização endocervical com infecção do trato urinário materno, corioamnionite, utilização de antibióticos, sofrimento fetal, prematuridade e infecção e óbito neonatais. RESULTADOS: a prevalência de colonização endocervical foi 14,2% (IC95%=9,5-18,9%, com resultados similares entre os casos com trabalho de parto prematuro ou ruptura prematura de membranas. O microorganismo mais prevalente na população estudada foi o estreptococo do grupo B (9,4%, sendo também isolados Candida sp, Streptococcus sp, Streptococcus pneumoniae, Escherichia coli e Enterococcus sp. Das bacterioscopias analisadas, os achados mais freqüentes foram baixa prevalência de bacilos de Döderlein e elevado número de leucócitos. Em mulheres colonizadas, houve maior prevalência de infecção do trato urinário (23,8 versus 5,4%; pPURPOSE: to study cervical colonization in women with preterm labor or premature rupture of membranes. METHODS: two hundred and twelve pregnant women with preterm labor or premature rupture of membranes were studied. Two cervical samples from each woman were collected and bacterioscopy and culture were performed. Association of cervical microorganisms and urinary tract infection, chorioamnionitis, fetal stress, antibiotic use, prematurity, neonatal infection, and neonatal death were evaluated. RESULTS: the prevalence of endocervical colonization was 14.2% (CI95%=9.5-18.9%, with similar results in preterm labor or premature rupture of membranes. Group B streptococcus was the most prevalent

  19. IGF-I e IgG séricos e nas secreções lácteas em vacas tratadas com rbST no período pré-parto IGF-I and IgG serum concentrations and in mammary secretions in cows treated with rbST prepartum

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patricia Pauletti

    2005-06-01

    Full Text Available Foram utilizadas 42 vacas holandesas gestantes e multíparas, distribuídas ao acaso em dois grupos, com o objetivo de se determinar possíveis alterações na concentração de IGF-I no colostro e nas secreções lácteas em resposta a mudanças na concentração sérica de IGF-I pré-parto, além de se avaliar comparativamente a flutuação sérica pré-parto de IGF-I em relação a IgG. O grupo tratado (n=21 recebeu 500 mg de somatotropina bovina recombinante (rbST e o grupo controle (n=21 injeções de vitamina E. Os tratamentos foram iniciados 35 dias pré-parto e repetidos a cada 14 dias até o parto. Semanalmente, até o parto, avaliou-se o escore corporal (EC e coletaram-se amostras de sangue da veia mamária. Foram amostrados o colostro e as secreções lácteas diariamente por sete dias pós-parto. O EC e a concentração sérica de ácidos graxos não-esterificados não diferiram entre os grupos. O grupo rbST apresentou maiores concentrações séricas de IGF-I na segunda e quarta semanas após o início dos tratamentos, não sendo encontradas diferenças entre os tratamentos ao parto. A concentração de IGF-I foi superior no colostro das vacas tratadas com rbST, não diferindo nas secreções subseqüentes. As concentrações séricas de IgG não diferiram entre tratamentos durante todo o período experimental, assim como as do colostro e demais secreções lácteas. As concentrações séricas de IGF-I e IgG variaram em função do período experimental, diferindo na amplitude e refletindo as grandes mudanças que ocorrem no último mês de gestação.Forty-two Holstein cows, pregnants and multiparous, wereassigned randomly to two groups to determine the possible alterations of IGF-I concentration in colostro and mammary secretions by changes in pre-partum blood serum IGF-I concentration, and also to compare its temporal changes with the serum immunoglobulin G (IgG in pre-partum period. The treated group (n=21 received 500 mg of

  20. Estimación de la incidencia de incontinencia urinaria asociada al embarazo y el parto

    OpenAIRE

    Sánchez-Ruiz, Emília; Solans-Domènech, Maite; Espuña-Pons, Montserrat; Grup de Recerca en Sòl Pelvià

    2010-01-01

    La incontinencia urinaria (IU), o pérdida involuntaria de orina objetivamente demostrable, afecta a mujeres de cualquier edad, con variedad en la naturaleza y gravedad de los síntomas. La prevalencia de la IU varía en función del tipo de estudio, de la definición de IU y de las características de la población estudiada (fundamentalmente, la edad). Se han publicado cifras que oscilan entre el 5% y el 72% y, en España, los datos disponibles se sitúan entre el 15% y el 42%. Además de la edad...

  1. Aspectos da gravidez e pós-parto de adolescentes portadoras de febre reumática Aspects of the pregnancy and post delivery of adolescents with rheumatic fever

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Julia Pantoja Moraes

    2004-09-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a incidência e evolução de gravidez entre adolescentes portadoras de febre reumática (FR do nosso serviço. MÉTODOS: Avaliação retrospectiva de 510 prontuários de pacientes com diagnóstico de FR, no período de 1983 a 2001. RESULTADOS: Dos 510 pacientes analisados, 123 (46% eram adolescentes femininas. Dezesseis (13% engravidaram neste período, com um total de 19 gestações (uma apresentou duas gestações e outra três; 14 realizaram pré-natal adequadamente. A idade da primeira gestação variou de 14 a 19 anos (média 16,7; e a idade do início da atividade sexual, de 13 a 18 anos (média 15,2. Insuficiência mitral ocorreu em 15 casos, estando associada com insuficiência aórtica em cinco. Intercorrências durante o pré-natal foram observadas em duas pacientes: em uma houve recidiva da FR com Coréia e em outra infecção pelo HIV. O parto vaginal ocorreu em sete adolescentes, parto fórcipe em três e cesareana em quatro: uma com HIV, uma com gestação gemelar e duas com distocia funcional. Treze recém-nascidos foram adequados para idade gestacional e apenas os gêmeos foram prematuros. No pós-parto, uma paciente apresentou infecção na incisão cirúrgica e outra abscesso mamário. Nenhuma paciente reativou a FR no parto e pós-parto. CONCLUSÕES: As gestações não apresentaram descompensação cardíaca, com predomínio de valvulites de leve intensidade. Atividade sexual precoce e aumento da gravidez em adolescentes são realidades nos ambulatórios de reumatologia pediátrica, justificando a necessidade de uma melhor orientação em relação à sexualidade e uso de métodos anticoncepcionais na rotina do atendimento.BACKGROUND: To evaluate the incidence and follow-up of pregnancy among adolescents with rheumatic fever (RF attended at the authors' service. METHODS: A retrospective evaluation was undertaken of 510 patients with a diagnosis of RF according to records from 1983 to 2001. RESULTS: We

  2. Violencia simbólica en la atención al parto, un acercamiento desde la perspectiva de Bourdieu

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Norma Casal-Moros

    2014-06-01

    Full Text Available En la actualidad situaciones tan naturales como el embarazo y el parto se abordan como si de una patología se tratara. Esta concepción -propia del modelo biomédico- conlleva que muchas de las mujeres vivan estas situaciones desde la perspectiva de "pacientes", depositando su confianza en los profesionales de la medicina sin cuestionar las decisiones que éstos toman por ellas. Se trata de un modelo jerarquizado en el que el poder y la autoridad recaen sobre los médicos, dejando en un segundo plano la capacidad de decisión de las gestantes. Modelo en el que dichas actuaciones médicas podrían considerarse propias de un tipo de violencia que no emplea la fuerza física y que nos cuesta reconocer como tal y que Pierre Bourdieu denominó como "violencia simbólica".

  3. Qualidade física e intervalo hídrico ótimo em latossolo e cambissolo, cultivados com cafeeiro, sob manejo conservacionista do solo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Milson Evaldo Serafim

    2013-06-01

    Full Text Available Cafeicultores da região fisiográfica do Alto São Francisco, MG, Brasil, vêm adotando novo sistema de cultivo, considerado conservacionista do solo, cujos efeitos na qualidade física do solo precisam ser avaliados. Este trabalho foi realizado com o objetivo de estudar a qualidade física de um Latossolo e um Cambissolo, localizados em áreas contíguas, sob cultivo comercial de café. A área localizada no topo da paisagem é recoberta por Cambissolo Háplico Tb distrófico latossólico; a outra, no terço médio, é recoberta por Latossolo Vermelho distrófico. Em cada área foram amostradas as profundidades de 0-0,05 e 0,75-0,80 m, nas posições linha e entrelinha do cafeeiro, totalizando quatro situações em cada solo. Para cada situação, foram coletadas 21 amostras com estrutura preservada destinadas à determinação do intervalo hídrico ótimo (IHO, que foram distribuídas em sete potenciais matriciais, com três repetições. Em todas as situações, o sistema de manejo conservacionista assegurou boa qualidade física, principalmente na linha da cultura, para as duas classes de solos estudadas, pois o IHO teve como limite superior e inferior a capacidade de campo e o ponto de murcha permanente, respectivamente. A boa qualidade física foi confirmada pelos valores de macro e microporosidade, volume total de poros, densidade do solo e resistência do solo à penetração e produtividades acima da média do Estado de Minas Gerais.

  4. Centro de parto normal e a assistência obstétrica centrada nas necessidades da parturiente Centro de parto normal y la asistencia obstétrica centrada en las necesidades de la parturienta Delivery center and obstetric assistance focused on the parturient's needs

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nilce Xavier de Souza Machado

    2006-06-01

    Full Text Available Levando em conta os vários estudos e reflexões a respeito do novo modelo de assistência ao parto e nascimento (assistência humanizada, e trabalhando como enfermeira obstétrica em um Centro de Parto Normal, surgiu o questionamento a respeito desse conceito, devido às diversas conotações dadas a esse termo. Este artigo foi produzido com a finalidade de divulgar nossa proposta de substituição da expressão "assistência humanizada ao parto", por "assistência obstétrica centrada nas necessidades da parturiente", e de discorrer como essa assistência é prestada no Centro de Parto Normal do Hospital Geral de Itapecerica da Serra (SP, que segue um protocolo de condutas obstétricas e normas preconizadas pelo Ministério da Saúde.Teniendo en cuenta los variados estudios y reflexiones respecto al nuevo modelo de asistencia del parto y nacimiento (asistencia humanizada, y trabajando como enfermera obstétrica en un Centro de Parto Normal, surgió el cuestionamiento relacionado a ese concepto, debido a las diversas connotaciones que se le ha dado. Este artículo fue producido con la finalidad de divulgar nuestra propuesta de sustitución de la expresión "asistencia humanizada del parto", por "asistencia obstétrica centrada en las necesidades de la parturienta", y de discurrir cómo esa asistencia se presta en el Centro de Parto Normal del Hospital General de Itapecerica da Serra (SP, que sigue un protocolo de conductas obstétricas y normas preconizadas por el Ministerio de Salud.As an obstetric nurse working in a Delivery Center and considering the studies and reflections on the new model of assistance to labor and birth (humanized assistance, I started to think about this concept, given the various connotations attributed to the term. This article was written with the aim of divulging our proposal of replacement of the expression "humanized assistance to child-birth" for "obstetric assistance fo-cused on the parturient's needs", and to

  5. Relation between postpartum depression and childbirth practices recommended by Estrategia de atención al parto normal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Belén Laviña Castán

    2013-03-01

    Full Text Available The high prevalence of postpartum depression (PPD (rates between 10-20% in developed countries and its serious consequences for both women and children, highlight the need to continue studying the factors affecting DPP.Many studies have looked for factors related to this disorder, but none has carried out a comprehensive analysis to find out its relationship with childbirth practices, despite the possible relationship between the childbirth experiences and the emotional disorders in mothers, and the early alteration of the link between mother and child, that we have seen during our professional lifes.The objective of this research is to determine the prevalence of PPD among women whose childbirth took place at Miguel Servet Hospital, in Zaragoza, during October and November 2011, and to analyse its connection to carrying out clinical practice based on the best know-how available recommended by “Estrategia del parto normal del Ministerio de Sanidad y Consumo (2007”. An observational and transverse study based was carried out that consisted of an initial survey to an approximate sample of 600 women with a later phone call between the sixth and eighth week after the childbirth to detect women suffering from PPD, using the Edinburgh Postnatal Depression Scale (EPDS. The relationship between each variable defined within “Estrategia de atención del parto normal” and the existance of PPD will be studied; the following variables will be taken into account too, due to its high importance: parity, gestational pathology, prematurity, nationality and fulfilment of her childbirth.

  6. Avaliação da qualidade da assistência ao parto normal Evaluation of the quality of care for normal delivery

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Margareth Rocha Peixoto Giglio

    2011-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a qualidade da assistência hospitalar ao parto normal em Goiânia. MÉTODOS: Foi estudada uma amostra de 404 mulheres que tiveram partos normais em 13 hospitais de Goiânia, durante o período de abril a dezembro de 2007. Os dados foram obtidos de entrevistas com as puérperas e revisão dos prontuários médicos. A qualidade de assistência aos partos foi avaliada por meio do cálculo do índice Bologna e da comparação dos procedimentos utilizados com normas e procedimentos recomendados. RESULTADOS: O índice Bologna apresentou valor médio de 1,04 (IC95%=0,9-1,1. A proporção de cesarianas eletivas foi 30%, a de cesarianas de urgência foi 10% e os partos induzidos representaram 1,6%. A porcentagem de partos assistidos por profissional de saúde foi de 100%, mas o pediatra esteve presente na sala de parto em apenas 30% dos casos. Durante o trabalho de parto, metade das parturientes não teve avaliação da dinâmica uterina e 29,1% não tiveram avaliação dos batimentos cardiofetais, com o partograma sendo utilizado em somente 28,5% dos casos. Por outro lado, a utilização de ocitocina foi de 45,8%. CONCLUSÕES: Os resultados indicam má qualidade da assistência ao parto normal em Goiânia, com baixo valor do índice Bologna, altas proporções de cesarianas eletivas e de urgência, frequência não-adequada de intervenções benéficas e alta ocorrência de algumas intervenções consideradas prejudiciais na assistência ao parto.PURPOSE: To evaluate the quality of health care assistance during childbirth in the hospitals of Goiânia, in Brazil. METHODS: Thirteen hospitals were appraised from April to December 2007, and a random sample of 404 normal births was studied. Data were obtained from interviews with mothers after delivery and by consulting their medical records. The quality of assistance at birth was evaluated by using the Bologna score and by comparing the procedures used in those hospitals to standard

  7. Perfil de progesterona e intervalo ao estro de receptoras bovinas sincronizadas com doses reduzidas de cloprostenol Profile of progesterone and interval to estrus in bovine embryo recipients synchronized with reduced cloprostenol doses

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marilú Martins Gioso

    2005-08-01

    Full Text Available Objetivou-se comparar os efeitos da aplicação de diferentes doses de cloprostenol sódico (doses equivalentes a 50% da convencional, nas vias intramuscular (IM ou intra-vulvosubmucosa (IVSM, sobre as taxas de sincronização, o intervalo da aplicação ao estro e a queda das concentrações séricas de progesterona (P4. Foram utilizadas 199 femêas - 103 fêmeas com histórico de estro e 96 sem histórico (apenas avaliadas pela palpação transretal, para se verificar presença de corpo lúteo característico - divididas ao acaso em três tratamentos: 1 - 68 animais (38 com histórico de estro receberam 1mL de cloprostenol via IVSM; 2 - 66 animais (33 com histórico de estro receberam 1 mL via IM; 3 - 65 animais (32 com histórico de estro receberam 2 mL via IM. Foram considerados os animais em estro até 96 horas após a aplicação. As concentrações séricas de progesterona foram analisadas por RIA às 0 e 48 horas após a administração do luteolítico. Não houve diferença entre os tratamentos nas taxas de sincronização (72,1; 53,0 e 64,6% respectivamente, nos intervalos da aplicação ao estro (69,3 ± 15,2; 67,9 ± 16,7; 68,3 ± 16,9 horas, respectivamente e na queda percentual de P4 (79; 68 e 83%, respectivamente. Porém, quando os dados dos animais pertencentes aos dias 11 a 16 do ciclo estral foram agrupados e comparados com os animais dos dias 7 a 10 do ciclo, as taxas de sincronização foram diferentes (76,1 vs 55,5%. Concluiu-se que o cloprostenol sódico administrado em doses reduzidas em 50%, nas vias IM ou IVSM, apresentou efeito semelhante à dose convencional. Animais em fases medianas e tardias do diestro (dias 11 a 16 do ciclo estral respondem melhor à sincronização com cloprostenol que animais em fase luteal inicial (dias 7 a 10 do ciclo.The objective of this research was to compare the effects of different doses of application of sodic cloprostenol (doses equivalent to 50% the conventional, in the intramuscular

  8. Efeitos de esmolol, lidocaína e fentanil nos intervalos dispersão da onda P, QT, QTc e respostas hemodinâmicas à intubação endotraqueal durante indução com propofol: um estudo comparativo Efectos del esmolol, de la lidocaína y del fentanilo en los intervalos dispersión de la onda, QT, QTc y respuestas hemodinámicas a la intubación endotraqueal durante inducción con propofol: un estudio comparativo Effects of esmolol, lidocaine and fentanyl on P wave dispersion, QT, QTc intervals and hemodynamic responses to endotracheal intubation during propofol induction: a comparative study

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Volkan Hancı

    2013-06-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Investigar o efeito de esmolol, lidocaína e fentanil na dispersão da onda P (DP, durações dos intervalos QT e QT corrigido (QTc e as respostas hemodinâmicas à intubação endotraqueal durante a indução com propofol. MÉTODOS: Foram incluídos 80 pacientes adultos, estado físico ASA I ou II, idade entre 18 e 60 anos, neste estudo prospectivo, randômico e duplo-cego. Todos os pacientes foram submetidos a exame eletrocardiográfico (ECG antes da indução da anestesia. Os pacientes foram randomicamente alocados em quatro grupos iguais. O grupo controle (Grupo C recebeu 5 mL de solução salina; o grupo esmolol (Grupo E recebeu 0,5 mg.kg-1 de esmolol; o grupo fentanil (Grupo F recebeu 2 µg.kg-1 de fentanil e o grupo lidocaína (Grupo L recebeu 1,5 mg.kg-1 de lidocaína antes da indução anestésica. A anestesia foi induzida com propofol. ECG foi feito em todos os pacientes durante o primeiro e o terceiro minutos de indução, 3 minutos após a administração de relaxante muscular e 5 e 10 minutos após intubação. A DP e intervalos QT foram medidos em todos os ECGs. Os intervalos QTc foram determinados com o uso da fórmula de Bazett. Frequência cardíaca (FC e pressão arterial média (PAM foram registradas antes e depois da indução anestésica, imediatamente após a intubação e em 1, 3, 5, 7 e 10 minutos após a intubação. RESULTADOS: Após a intubação, a FC aumentou significativamente nos Grupos C, L e F em comparação com o grupo controle. Porém, não houve diferença significativa nos valores da FC após a intubação entre os grupos E e controle. Nos Grupos C e L, a PAM aumentou significativamente após a intubação em comparação com o grupo controle. No entanto, nos Grupos L, F e E não houve diferença significativa entre os valores da PAM após a intubação em comparação com o grupo controle. A DP foi significativamente mais longa no Grupo C após a intubação em comparação com o

  9. Problemas conjugais e outros fatores associados a transtornos psiquiátricos do pós-parto Marital problems and other factors associated with postpartum psychiatric disorder

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Suzi Roseli Kerber

    2011-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Estudar a associação entre transtornos mentais pós-parto e fatores demográficos e psicossociais, pré e perinatais. MÉTODOS: Todas as familias com crianças de quatro meses da Vila Jardim - Porto Alegre (RS - nascidos entre novembro de 1998 e dezembro de 1999 foram avaliadas. Utilizou-se o Self Report Questionnaire (SRQ-20 e entrevistas clínicas semiestruturadas individuais e do casal para fundamentar uma hipótese diagnóstica segundo os critérios do da quarta edição do Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais (DSM-IV. Realizou-se a avaliação da relação conjugal e do relacionamento da mãe com as famílias de origem e a rede social utilizando-se a Escala de Avaliação Global do Funcionamento Relacional (GARF. RESULTADOS: Foram avaliadas 148 mães e os 116 pais que coabitavam. Segundo o SRQ, 34,4% das mães e 25,4% dos pais apresentaram suspeita de transtorno psiquiátrico. Clinicamente os percentuais foram maiores. Coabitar ou não com companheiro não esteve associado com transtorno mental materno. Na análise da totalidade do grupo de mulheres, estiveram associados: baixa renda familiar (OR=0,8; pPURPOSE: To study the association between postpartum psychiatric disorder and demographic and psychosocial, pre- and perinatal factors. METHODS: All families having 4-month-old infants in Vila Jardim, a district of Porto Alegre, Brazil, born at a public hospital from November 1998 through December 1999 were assessed. The Self-Report Questionnaire (SRQ-20 and semi-structured interviews were used for the psychiatric assessment that included a possible diagnosis using Diagnostic and Statistical Manual of Mental Disorders IV (DSM- IV criteria. Relational functioning between couples, the relationship with mother's family of origin and social network were assessed using the DSM-IV Global Assessment of Relational Functioning Scale (GARF. RESULTS: A total of 148 mothers and 116 cohabiting fathers were assessed

  10. Uso dos diptera na análise entomotoxicológica e na estimativa do intervalo pós-morte (IPM - doi: 10.5102/ucs.v13i1.2846

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Diogo Barth Pacini

    2015-07-01

    Full Text Available A entomologia forense é o estudo de insetos que são encontrados em locais de crimes, e são utilizados como vestígios, aumentando a possibilidade de encontrar a causa da morte e a estimar o intervalo pós-morte (IPM. Com base nessas análises os entomólogos e os peritos observaram que os componentes químicos utilizados pelo individuo, tais como medicamentos ou drogas, ou até mesmo o uso de venenos alterava o que já se conhecia da estimativa do IPM, surgindo, desse modo uma nova vertente nesta ciência, que é a entomotoxicologia forense. O presente trabalho bibliográfico descreve os princípios básicos da entomotoxicologia abordando principalmente a interferência na estimativa do intervalo pós-morte.

  11. USO DA PGF2? NO PUERPÉRIO PARA REDUZIR O ANESTRO PÓS-PARTO DE CABRAS EM ALEITAMENTO CONTÍNUO E CONTROLADO USE OF PGF2? ON THE PUERPERIO TO REDUCE THE POS-PARTUM ANESTROUS OF CONTINUOS OR CONTROLLED SUCKLING GOATS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo Fernandes Lima

    2008-07-01

    Full Text Available

    Objetivou-se estudar os efeitos da administração da PGF2α sobre o período de anestro pós-parto de oitenta cabras, em aleitamento contínuo ou controlado, criadas em sistema semi-extensivo com acesso à água e sal mineral ad libitum. As fêmeas, com idade entre dois e seis anos, foram aleatoriamente distribuídas em três grupos experimentais (GI, GII, GIII. As do GI (n = 30 receberam, na musculatura vulvar, 250µg de PGF2α no 6o e 12o dias após o parto. As do GII (n = 30 foram tratadas, pela mesma via e com a mesma dose de PGF2α, no 6o, 7o, 8o, 9o e 10o dias do pós-parto, e as do GIII (n = 20 serviram como controle. Realizou-se a detecção do estro por rufião com auxílio de pessoal habilitado e efetuaram-se as coberturas com reprodutores de fertilidade comprovada. Analisaram-se os dados através da ANOVA e do cálculo do erro-padrão da diferença entre proporções. Não se verificou diferença (P > 0,05 das porcentagens de estro entre os três grupos experimentais; todavia, a duração média do anestro pós-parto foi significativamente reduzida (P < 0,05 nos animais tratados com PGF2α. Houve redução significativa (P < 0,05 do anestro pós-parto das fêmeas em aleitamento controlado. Não se registrou diferença (P > 0,05 nas porcentagens de prenhez entre os diferentes grupos. Os dados obtidos permitem concluir que a administração da PGF2α no início do puerpério é eficiente para reduzir o período de anestro pós-parto, especialmente nas fêmeas em aleitamento controlado; contudo, não exerce influência sobre a fertilidade de cabras SRD com aptidão para produção de carne.

    PALAVRAS-CHAVES: Caprino, estro, prostaglandina, puerpério.

    This work aimed to

  12. ASSOCIAÇÃO ENTRE A ATIVIDADE FÍSICA DE LAZER E DE DESLOCAMENTO COM A VARIABILIDADE DA FREQUÊNCIA CARDÍACA EM ADOLESCENTES DO SEXO MASCULINO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aline Cabral Palmeira

    Full Text Available RESUMO Objetivo: Investigar a associação entre parâmetros de variabilidade da frequência cardíaca (VFC e atividades físicas de lazer e deslocamento em adolescentes do sexo masculino. Métodos: A amostra incluiu 1.152 adolescentes do sexo masculino com idades entre 14 e 19 anos. A variação dos batimentos cardíacos consecutivos (intervalos entre duas ondas R sucessivas - RR foi avaliada, e calcularam-se os parâmetros da VFC no tempo (desvio padrão de todos os intervalos RR - SDNN, raiz quadrada da média do quadrado das diferenças entre intervalos RR normais adjacentes - RMSSD, porcentagem dos intervalos RR adjacentes com diferença de duração maior que 50 ms - pNN50 e domínios de frequência (low frequency - LF/high frequency - HF. Informações sobre atividades físicas de lazer e deslocamento foram obtidas por meio de um questionário. Realizou-se regressão logística binária entre parâmetros de VFC e atividade física. Resultados: Foi descoberta associação entre atividades físicas de lazer e as variáveis SDNN, RMSSD e pNN50, mas não houve associação entre tais atividades e a razão LF/HF. Essas associações foram mais fortes entre adolescentes que se mantinham fisicamente ativos havia mais de seis meses. Atividades físicas de deslocamento não foram associadas a nenhum parâmetro de VFC. Jovens que praticavam atividades físicas de deslocamento e também se mantinham fisicamente ativos havia mais de seis meses apresentaram menor chance de ter baixa SDNN e RMSSD. Conclusões: Atividades físicas de lazer e de deslocamento foram associadas a melhor VFC, e tais associações foram reforçadas quando os adolescentes mantinham atividade física havia mais de seis meses. Atividade física de deslocamento não foi associada com os parâmetros da VFC, no entanto tal associação surgiu nos casos de adolescentes fisicamente ativos em atividades de deslocamento havia mais de seis meses.

  13. Estimulação elétrica transcutânea no alívio da dor do trabalho de parto: revisão sistemática e meta-análise Transcutaneous electrical stimulation for pain relief during labor: a systematic review and meta-analysis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Larissa F. D. Mello

    2011-06-01

    Full Text Available CONTEXTUALIZAÇÃO: A estimulação elétrica transcutânea (EET é um método não farmacológico utilizado no alívio da dor do trabalho de parto. Sua aplicação representa um método adjuvante que não se propõe a substituir outras técnicas. OBJETIVOS: Desenvolver uma revisão sistemática para avaliar a eficácia da EET comparada à ausência de EET ou placebo, segundo os desfechos: alívio da dor do trabalho de parto (desfecho primário, uso de analgesia complementar, duração do trabalho de parto, satisfação da parturiente, tipo de parto e repercussões fetais (desfechos secundários. MÉTODOS: Realizou-se uma busca sistemática nas bases de dados PubMed, LILACS e SCIELO por ensaios clínicos randomizados e quasirandomizados, publicados entre 1966 e 2008. As palavras-chave utilizadas foram 'TENS', 'labor', 'labor pain' e 'labor obstetric'. A seleção de artigos elegíveis e a avaliação de sua qualidade metodológica foram feitas independentemente por dois revisores. Meta-análises de efeitos randômicos foram realizadas quando estudos que investigavam um mesmo desfecho eram suficientemente homogêneos. RESULTADOS: Nove estudos, incluindo 1076 gestantes, foram selecionados. Não houve diferença significativa entre os grupos no alívio da dor do parto (pooled RR=1,09; 95%IC=0,72-1,65 ou na necessidade de analgesia complementar (pooled RR=0,89; 95%IC=0,74-1,08. Não se observou evidência da interferência da EET em nenhum dos desfechos, exceto no desejo da parturiente em utilizar a EET em futuros partos. CONCLUSÕES: A utilização da EET não demonstrou nenhum impacto sobre a mãe ou concepto e nenhuma influência no trabalho de parto. De acordo com os resultados desta revisão, não há evidência de que a EET reduz o uso de analgesia complementar.BACKGROUND: Transcutaneous electrical stimulation (TENS is a non-pharmacological pain relief method. It is an auxiliary method and not intended to replace other techniques. OBJECTIVES