WorldWideScience

Sample records for hipovolemia durante anestesia

  1. Broncospasmo durante la anestesia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lincoln de la Parte Pérez

    2003-03-01

    Full Text Available En esta revisión bibliográfica se presentan los factores que contribuyen a la hiperreactividad de las vías aéreas durante la anestesia. Se presenta una actualización de las acciones de los agentes anestésicos empleados en nuestro medio, así como el tratamiento utilizado en esta complicación. El objetivo fundamental es ofrecer a los anestesiólogos, los elementos necesarios para una mejor conducción anestésica de los pacientes con hiperreactividad de las vías aéreas. Se enfatiza además en la importancia de las medidas preventivas y en el tratamiento inmediato que permita contrarrestar esta complicaciónThose factors contributing to hyperreactivity of the airways during anesthesia are presented in this bibliographic review. An updating is made of the action of the anesthetics used in our setting and the treatment given to this complication is explained. The main objective is to provide anesthesiologists with the necessary elements for a better anesthetic conduction of the patients with hyperreactivity of the airways. It is underlined the importance of taking preventive actions and of immediate treatment to face this complication

  2. Variação da pressão sistólica como método diagnóstico da hipovolemia durante anestesia para cirurgia cardíaca Variación de la presión sistólica como método diagnóstico de la hipovolemia durante anestesia para cirugía cardiaca Systolic pressure variation as diagnostic method for hypovolemia during anesthesia for cardiac surgery

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ricardo Vieira Carlos

    2005-02-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A estimativa acurada do volume intravascular efetivo é de grande importância em pacientes submetidos a procedimentos cirúrgicos de grande porte. A avaliação da volemia, baseada na variação da pressão sistólica (VPS, (diferença entre os valores sistólicos máximos e mínimos durante um ciclo respiratório controlado mecanicamente e sua variável delta down (dDown tem se mostrado um indicador sensível da pré-carga, quando cotejados com parâmetros hemodinâmicos convencionais. Como a VPS não é um parâmetro utilizado rotineiramente para avaliação da volemia, este trabalho teve como objetivo introduzir a técnica da medida da VPS e verificar sua validade em pacientes submetidos à anestesia para cirurgia cardíaca. MÉTODO: A partir de programa de computador especialmente desenvolvido, transmitiu-se em tempo real a variação da pressão arterial a partir do monitor da sala cirúrgica para microcomputador conectado em rede. Após a adaptação deste sistema, foram estudadas as variações da pressão sistólica em nove pacientes submetidos à revascularização do miocárdio. As variáveis foram registradas em dois momentos, utilizando-se a expansão volêmica como indicador: M0 (antes da expansão volêmica e M1 (após a expansão volêmica. Também foram estudados alguns parâmetros hemodinâmicos convencionais, confrontados com a variação da pressão sistólica. RESULTADOS: Os principais resultados deste estudo mostram que a VPS, em seu componente dDown, é a que apresenta maior consistência de variação após a expansão volêmica com amido.Os demais parâmetros hemodinâmicos estudados, embora apontem para nítida melhora cardiovascular após a expansão, possuem alta variabilidade entre os pacientes e mesmo quanto à resposta ao expansor. CONCLUSÕES: Os resultados obtidos mostram que a VPS se comporta como um sensível indicador da volemia, em pacientes sob ventilação mecânica, quando

  3. Efeitos cardiovasculares da anestesia local com vasoconstritor durante exodontia em coronariopatas

    OpenAIRE

    Conrado,Valeria C. L. S.; Andrade,Januário de; Angelis,Gabriella A. M. C. de; Andrade,Ana Carolina P. de; Timerman,Lilia; Andrade,Mercedes M.; Moreira,Dalmo R.; Sousa,Amanda G. M. R.; Sousa,J. Eduardo M. R.; Piegas,Leopoldo S.

    2007-01-01

    OBJETIVO: Avaliar a ocorrência de variáveis detectoras de isquemia miocárdica, durante ou após o tratamento odontológico, sob anestesia com vasoconstritor (adrenalina). MÉTODOS: Foram incluídos 54 pacientes coronariopatas submetidos a exodontia sob anestesia local com ou sem vasoconstritor, divididos em dois grupos (sorteio por envelope): grupo I, composto por 27 que receberam anestésico com vasoconstritor; e grupo II, composto por 27 que receberam anestésico sem vasoconstritor. Todos os paci...

  4. Producción de monóxido de carbono durante la anestesia

    OpenAIRE

    Bonome González, César

    2011-01-01

    [Resumen] Introducción: En este estudio experimental se determina, en función de los distintos modos de utilización de un circuito circular, los niveles de monóxido de carbono en el circuito y sus consecuencias biológicas al administrar diferentes agentes halogenados con cal sodada deshidratada. Objetivo: Determinar los factores condicionantes de la intoxicación por monóxido de carbono durante la anestesia. Material y métodos: se anestesian 24 cerdos utilizando una máq...

  5. Comportamento da pressão intra-ocular segundo os efeitos cardiorrespiratórios e hemodinâmicos induzidos pela anestesia com desflurano, em cães submetidos à hipovolemia experimental Behavior of intraocular pressure according to cardiorespiratory and hemodynamic effects induced by desflurane in dogs subjected to experimental hypovolemia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ivia Carmem Talieri

    2005-08-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Observar o comportamento da pressão intra-ocular, segundo os efeitos cardiorrespiratórios e hemodinâmicos induzidos pela anestesia geral com desflurano, em cães submetidos à hipovolemia experimental. MÉTODOS: Foram utilizados 18 cães, machos e fêmeas, com peso entre 10 e 15 kg. A hipovolemia foi realizada retirando-se 40 ml de sangue/kg de peso. A seguir, a anestesia foi induzida com desflurano através de máscara facial, até que a intubação orotraqueal fosse permitida. A pressão intra-ocular foi medida por tonometria de aplanação. Valores para freqüência cardíaca, débito cardíaco, pressão arterial média, pressão venosa central e pressão parcial de CO2 ao final da expiração e freqüência respiratória foram mensurados. Os parâmetros da avaliação foram registrados após a instrumentalização e antes de qualquer outro procedimento (T0, quinze minutos depois da indução da hipovolemia experimental (T45 e após 30 minutos da indução anestésica (T75. RESULTADOS: A pressão intra-ocular apresentou relação direta somente com a pressão parcial de CO2 no final da expiração. CONCLUSÕES: Não foi possível estabelecer correlação entre alterações da pressão arterial média e da pressão venosa central com a pressão intra-ocular e houve relação direta entre os valores da pressão intra-ocular e os de ETCO2.PURPOSE: To observe the behavior of intraocular pressure according to the cardiopulmonary and hemodynamic effects induced by desflurane in dogs subjected to experimental hypovolemia. METHODS: Eighteen healthy male and female mongrel dogs, weighing between 10 and 15 kg were used. Hypovolemia was induced by withdrawal of 40 ml blood/kg body weight. Then anesthesia was induced with desflurane by mask until tracheal intubation was permitted. Intraocular pressure was measured with applanation tonometry. Heart rate, cardiac output, mean arterial pressure, central venous pressure, end-tidal concentration

  6. Efeitos cardiovasculares da anestesia local com vasoconstritor durante exodontia em coronariopatas

    National Research Council Canada - National Science Library

    Conrado, Valeria C. L. S; Andrade, Januário de; Angelis, Gabriella A. M. C. de; Andrade, Ana Carolina P. de; Timerman, Lilia; Andrade, Mercedes M; Moreira, Dalmo R; Sousa, Amanda G. M. R; Sousa, J. Eduardo M. R; Piegas, Leopoldo S

    2007-01-01

    ... ou após o tratamento odontológico, sob anestesia com vasoconstritor (adrenalina). MÉTODOS: Foram incluídos 54 pacientes coronariopatas submetidos a exodontia sob anestesia local com ou sem vasoconstritor, divididos em dois grupos...

  7. Efeitos do óxido nitroso em hipotensão controlada durante anestesia com baixo fluxo

    OpenAIRE

    Semiha Barçın; Leyla Sahan; Dilsen Ornek; Fazilet Sahin; Oya Kilci; Serpil Deren; Gulay Erdogan; Canan Un; Mehmet Gamli; Bayazit Dikmen

    2013-01-01

    JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Investigamos o efeito do óxido nitroso (N2O) em hipotensão controlada durante anestesia com baixo fluxo (isoflurano-dexmedetomidina) em termos de hemodinâmica, consumo de anestésico e custos. MÉTODOS: Quarenta pacientes foram randomicamente alocados em dois grupos. Infusão de dexmedetomidina (0,1 µg.kg-1.min-1) foi mantida por 10 minutos. Subsequentemente, essa infusão foi mantida até os últimos 30 minutos de operação a uma dose de 0,7 µg.kg-1.hora-1. Tiopental (4-6...

  8. Efedrina versus fenilefrina: prevenção de hipotensão arterial durante anestesia raquídea para cesariana e efeitos sobre o feto

    OpenAIRE

    Magalhães,Edno; Govêia,Catia Sousa; Ladeira,Luís Cláudio de Araújo; Nascimento,Bruno Góis; Kluthcouski,Sérgio Murilo Cavalcante

    2009-01-01

    JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A hipotensão arterial durante a anestesia raquídea para cesariana deve-se ao bloqueio simpático e compressão aorto-cava pelo útero e pode ocasionar efeitos deletérios para o feto e a mãe. A efedrina e fenilefrina melhoram o retorno venoso após bloqueio simpático durante anestesia raquídea. O objetivo deste estudo foi comparar a eficácia da efedrina e da fenilefrina em prevenir e tratar a hipotensão arterial materna durante anestesia raquídea e avaliar seus efeitos c...

  9. Efeitos do óxido nitroso em hipotensão controlada durante anestesia com baixo fluxo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Semiha Barçın

    2013-04-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Investigamos o efeito do óxido nitroso (N2O em hipotensão controlada durante anestesia com baixo fluxo (isoflurano-dexmedetomidina em termos de hemodinâmica, consumo de anestésico e custos. MÉTODOS: Quarenta pacientes foram randomicamente alocados em dois grupos. Infusão de dexmedetomidina (0,1 µg.kg-1.min-1 foi mantida por 10 minutos. Subsequentemente, essa infusão foi mantida até os últimos 30 minutos de operação a uma dose de 0,7 µg.kg-1.hora-1. Tiopental (4-6 mg.kg-1 e brometo de vecurônio (0,08 0,12 mg.kg-1 foram administrados na indução de ambos os grupos. Isoflurano (2% foi administrado para manutenção da anestesia. O Grupo N recebeu uma mistura de 50% de O2-N2O e o Grupo A recebeu uma mistura de 50% de O2-ar como gás de transporte. Anestesia com baixo fluxo (1 L.min-1 foi iniciada após um período de 10 minutos de alto fluxo inicial (4,4 L.min-1. Os valores de pressão arterial, frequência cardíaca, saturação periférica de O2, isoflurano inspiratório e expiratório, O2 inspiratório e expiratório, N2O inspiratório e expiratório, CO2 inspiratório, concentração de CO2 após expiração e concentração alveolar mínima foram registrados. Além disso, as taxas de consumo total de fentanil, dexmedetomidina e isoflurano, bem como de hemorragia, foram determinadas. RESULTADOS: A frequência cardíaca diminuiu em ambos os grupos após a carga de dexmedetomidina. Após a intubação, os valores do Grupo A foram maiores nos minutos um, três, cinco, 10 e 15. Após a intubação, os valores de hipotensão desejados foram alcançados em 5 minutos no Grupo N e em 20 minutos no grupo A. Os valores da CAM foram mais altos no Grupo N nos minutos um, três, cinco, 10 e 15 (p < 0,05. Os valores da FiO2 foram mais altos entre 5 e 60 minutos no Grupo A, enquanto foram mais altos no Grupo N aos 90 minutos (p < 0,05. Os valores de Fi Iso (isoflurano inspiratório foram menores no Grupo N nos minutos

  10. Monitoreo de la Temperatura durante la Anestesia: ¿Es realmente necesario?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lincoln de Parte Pérez

    Full Text Available La temperatura corporal debe ser monitoreada en todos los pacientes a los que se les realiza procedimientos quirúrgicos con el objetivo de detectar precozmente sus variaciones, así como las complicaciones que se presentan con las variaciones de esta, como son: fiebre, hipertermia maligna e hipotermia accidental y para el monitoreo de la hipertermia inducida. Se muestra una revisión de los factores que producen hipotermia durante el transoperatorio, así como la prevención y tratamiento de ella.

  11. Monitoreo de la Temperatura durante la Anestesia: ¿Es realmente necesario?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lincoln de Parte Pérez

    2003-04-01

    Full Text Available La temperatura corporal debe ser monitoreada en todos los pacientes a los que se les realiza procedimientos quirúrgicos con el objetivo de detectar precozmente sus variaciones, así como las complicaciones que se presentan con las variaciones de esta, como son: fiebre, hipertermia maligna e hipotermia accidental y para el monitoreo de la hipertermia inducida. Se muestra una revisión de los factores que producen hipotermia durante el transoperatorio, así como la prevención y tratamiento de ella.Body temperature should be monitored in all patients undergoing surgical procedures in order to detect its variations early, as well as the complications appearing with them, such as malignant hyperthermia and accidental hypothermia and for monitoring induced hyperthermia. A review of the factors producing hypothermia during the transoperative is made. Its prevention and treatment are also dealth with.

  12. Atelectasia pulmonar em cães durante anestesia geral Pulmonary atelectasis in dogs during general anesthesia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patrícia Cristina Ferro Lopes

    2010-02-01

    Full Text Available A pressão intrapleural normalmente é menor que a pressão intrapulmonar. Consequentemente , os pulmões tendem ao colapso e se retraem, afastando-se da parede torácica. No início do século XX, Pasteur descreveu a atelectasia pulmonar, que ocorre com frequência durante a indução anestésica, persiste no período pós-operatório e pode contribuir de maneira significativa para a morbidade e o aumento nos gastos com medicamentos. Em medicina veterinária, no entanto, a atelectasia não é frequentemente diagnosticada, apesar de que isso não implica afirmar que tal afecção não ocorra, visto que existem relatos do desenvolvimento desse quadro em cães e em outras espécies. No contexto da anestesia geral, essa complicação pulmonar pode ser encontrada em animais que respiram 80 a 100% de oxigênio. A partir dessas informações, torna-se necessário que o profissional da anestesiologia veterinária obtenha conhecimentos complementares sobre o tema. Com este trabalho, objetivou-se descrever alguns dos mecanismos da atelectasia e seus pontos relevantes, de modo a familiarizar os profissionais quanto aos pormenores dessa importante, e nem sempre bem compreendida, alteração fisiológica respiratória.Pleural pressure is usually lower than pulmonary pressure. Therefore, the lungs tend to collapse and increase its distance from thoracic walls. At the beginning of 20th century, Pasteur described the pulmonary atelectasis, which develops during induction of anesthesia and persists to the postoperative period. It can contribute significantly to morbidity and to increase the medical expenses. In veterinary medicine, pulmonary atelectasis is not frequently diagnosed, which doesn't rule out the occurrence of this disease, since there are reports of atelectsasis in dogs. This pulmonary complication can be found in animals that breathe 80% to 100% oxygen in anesthetic procedures. Based on this information, the veterinary anesthesiologist is required

  13. Efeitos cardiovasculares da anestesia local com vasoconstritor durante exodontia em coronariopatas Cardiovascular effects of local anesthesia with vasoconstrictor during dental extraction in coronary patients

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Valeria C. L. S. Conrado

    2007-05-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a ocorrência de variáveis detectoras de isquemia miocárdica, durante ou após o tratamento odontológico, sob anestesia com vasoconstritor (adrenalina. MÉTODOS: Foram incluídos 54 pacientes coronariopatas submetidos a exodontia sob anestesia local com ou sem vasoconstritor, divididos em dois grupos (sorteio por envelope: grupo I, composto por 27 que receberam anestésico com vasoconstritor; e grupo II, composto por 27 que receberam anestésico sem vasoconstritor. Todos os pacientes foram submetidos a monitoração eletrocardiográfica com Holter por 24 horas, a Doppler-ecocardiografia realizada antes e após intervenção odontológica, e a dosagem dos marcadores bioquímicos antes e 24 horas após a exodontia (creatina cinase fração MB [CK-MB] massa, CK-MB atividade e troponina T. A freqüência cardíaca e a pressão arterial nas fases pré-anestesia, pós-anestesia e pós-exodontia também foram aferidas. A Doppler-ecocardiografia teve como objetivo avaliar a contratilidade segmentar do ventrículo esquerdo e a eventual ocorrência de insuficiência mitral. Em todos os casos foi mantido o protocolo farmacológico habitual prescrito pelo cardiologista. RESULTADOS: Três pacientes do grupo I apresentaram depressão do segmento ST (1,0 mm durante a aplicação da anestesia, dois outros pacientes do mesmo grupo tiveram elevação da CK-MB massa, e em nenhum caso foi verificada presença de isquemia avaliada pelos demais métodos. Não houve registro, neste estudo, de precordialgia, arritmias e ocorrência ou agravamento de hipocontratilidade segmentar do ventrículo esquerdo ou insuficiência mitral. CONCLUSÃO: A exodontia praticada sob uso de anestesia com adrenalina 1:100.000 não implica riscos isquêmicos adicionais quando realizada com boa técnica anestésica e manutenção do tratamento farmacológico prescrito pelo cardiologista.OBJECTIVE: To evaluate the occurrence of variables detecting myocardial ischemia

  14. Insuficiência respiratória aguda durante anestesia pediátrica: atelectasia e pneumotórax hipertensivo: relato de caso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Joel Massari Rezende

    2012-02-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A tarefa primordial do anestesiologista é garantir a adequada oxigenação do paciente. O objetivo deste relato é des crever o diagnóstico e conduta em um caso de insuficiência respiratória aguda durante anestesia, com finalidade didática. RELATO DO CASO: Criança de três anos submetida à anestesia para cirurgia urológica apresentou insuficiência respiratória por obstruções de brônquios por secreção, evoluindo com atelectasia e pneumotórax hipertensivo. Apresentamos o desenrolar do caso, e os meios de tratamento aplicado, com destaque para a urgência e técnica da drenagem no pneumotórax hipertensivo. CONCLUSÕES: A atenção do anestesiologista para o diagnóstico precoce de complicações respiratórias e o conhecimento das medidas prioritárias em cada momento pode evitar efeitos adversos graves

  15. Alterações transitórias do exame neurológico durante o despertar da anestesia com enflurano, isoflurano ou sevoflurano Alteraciones transitorias del examen neurológico durante el despertar de la anestesia con enflurano, isoflurano o sevoflurano Transient neurological changes during emergence from enflurane, isoflurane or sevoflurane anesthesia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Fernando Soares

    2001-12-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Anormalidades transitórias do exame neurológico ocorrem durante o despertar da anestesia com halotano, enflurano e isoflurano. Pouco se conhece sobre a ocorrência de anormalidades do exame neurológico durante a recuperação da anestesia com sevoflurano. Este estudo teve como objetivo comparar a prevalência de tais achados durante a recuperação da anestesia com enflurano (Grupo E, isoflurano (Grupo I e sevoflurano (Grupo S. MÉTODO: Foram estudados 44 pacientes que receberam anestesia com enflurano, isoflurano ou sevoflurano em N2O a 50%. Foram anotados antes da indução, imediatamente após a cessação da administração do anestésico e 5, 10, 15, 20, 30 e 40 minutos após: temperatura timpânica, nível de consciência, tônus muscular, reflexos pupilar, ciliar, bicipital, patelar e cutâneo-plantar, bem como a ocorrência de calafrios. RESULTADOS: As respostas dos reflexos pupilar, ciliar, patelar e cutâneo-plantar correlacionaram-se com o nível de consciência. Os grupos não diferiram quanto à prevalência de hipertonia muscular, hiperreflexia bicipital, clônus plantar e resposta extensora cutâneo-plantar. Hiperreflexia patelar foi mais freqüente no grupo do enflurano do que no grupo do isoflurano. Calafrios foram mais freqüentes nos grupos E e I do que no grupo do sevoflurano. A temperatura timpânica não diferiu entre os pacientes que apresentaram ou não calafrios. CONCLUSÕES: Alterações reversíveis do exame neurológico podem estar presentes por até 40 minutos durante a recuperação da anestesia com enflurano, isoflurano ou sevoflurano.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: Anormalidades transitorias del examen neurológico ocurren durante el despertar de la anestesia con halotano, enflurano e isoflurano. Poco se conoce sobre la ocurrencia de anormalidades del examen neurológico durante la recuperación de la anestesia con sevoflurano. Este estudio tuvo como objetivo comparar la prevalencia de tal

  16. Uso del azul de metileno en el tratamiento de choque anafiláctico durante anestesia: relato de caso

    OpenAIRE

    Renato Mestriner Stocche; Luís Vicente Garcia; Marlene Paulino dos Reis; Jyrson Guilherme Klamt; Paulo Roberto B Évora

    2004-01-01

    JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: No período peri-operatório, o risco de anafilaxia deve sempre ser considerado. A incidência de reações alérgicas em anestesia é controversa, variando entre 1/3000 a 1/20.000, com mortalidade entre 3% e 9 %. Neste caso, relata-se o uso do azul de metileno como coadjuvante ao tratamento do choque anafilático refratário à terapêutica tradicional. RELATO DO CASO: Paciente do sexo masculino, 53 anos, submetido a herniorrafia inguinal sob raquianestesia. No final do proce...

  17. Incidência de parada cardíaca durante anestesia, em hospital universitário de atendimento terciário: estudo prospectivo entre 1996 e 2002 Incidencia de parada cardíaca durante anestesia, en hospital universitario de servicio terciario: estudio prospectivo entre 1996 y 2002 Cardiac arrest during anesthesia at a tertiary teaching hospital: prospective survey from 1996 to 2002

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leandro Gobbo Braz

    2004-12-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A incidência e causas de parada cardíaca (PC durante a anestesia variam e são difíceis de comparar diante dos diversos métodos usados nos estudos. A pesquisa teve como objetivo estudar todas as PC ocorridas no intra e pós-operatório, durante um período de sete anos, de 1996 a 2002, em hospital de ensino de atendimento terciário para determinar incidência e causas da PC. MÉTODO: A incidência prospectiva de PC ocorrida durante a anestesia em 40.941 pacientes consecutivos foi identificada, utilizando-se um Banco de Dados. Todos os casos de PC e óbito foram revisados por uma Comissão, para determinar o fator desencadeante da PC ou óbito. A incidência de PC foi calculada em relação à idade, sexo, estado físico, segundo a classificação da ASA, tipo de atendimento, fatores desencadeantes, como alteração do estado físico do paciente e complicações cirúrgicas e anestésicas, tipo de anestesia e evolução para óbito. RESULTADOS: Ocorreram 138 PC (33,7:10.000, sendo a maioria em recém-nascidos, crianças até um ano e idosos, no sexo masculino (65,2%, em pacientes com estado físico ASA III ou superior, em atendimento de emergência e durante anestesia geral. Alterações do estado físico foram o principal fator de PC (23,9:10.000, seguidas de complicações cirúrgicas isoladamente (4,64:10.000 ou associadas a alterações do estado físico (2,44:10.000 e da anestesia isoladamente (1,71:10.000 ou associadas a alterações do estado físico (0,98:10.000. O risco de óbito relacionado à anestesia como fator principal ou contributivo foi igual para ambos (0,49:10.000. As principais causas da mortalidade associada à anestesia foram os problemas ventilatórios (45,4%, eventos relacionados à medicação empregada (27,3%, aspiração pulmonar (18,2% e hidratação excessiva (9,1%. CONCLUSÕES: A incidência de PC durante a anestesia ainda continua elevada. A maioria das PC e óbitos associados

  18. Análise do perfil dos consumos de gases frescos e anestésicos, durante a anestesia geral, em circuito fechado

    OpenAIRE

    Marques, Filipa Pinheiro

    2008-01-01

    Pretende-se com este projecto estudar um aparelho de anestesia a funcionar em circuito fechado, o Zeus® (Dräger Medical, Lübeck, Alemanha). Analisa-se nomeadamente o perfil dos consumos de gases frescos (oxigénio, ar e protóxido de azoto) e gases anestésicos (desflurano e sevoflurano). Foram incluídos os dados da monitorização de trinta e oito anestesias, efectuadas sequencialmente pelo mesmo profissional, com o mesmo equipamento e com protocolo anestésico similar. Os dados ...

  19. Efeitos do óxido nitroso em hipotensão controlada durante anestesia com baixo fluxo Efectos del óxido nitroso en la hipotensión controlada durante la anestesia con bajo flujo The effects of nitrous oxide on controlled hypotension during low flow anesthesia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Semiha Barçın

    2013-04-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Investigamos o efeito do óxido nitroso (N2O em hipotensão controlada durante anestesia com baixo fluxo (isoflurano-dexmedetomidina em termos de hemodinâmica, consumo de anestésico e custos. MÉTODOS: Quarenta pacientes foram randomicamente alocados em dois grupos. Infusão de dexmedetomidina (0,1 µg.kg-1.min-1 foi mantida por 10 minutos. Subsequentemente, essa infusão foi mantida até os últimos 30 minutos de operação a uma dose de 0,7 µg.kg-1.hora-1. Tiopental (4-6 mg.kg-1 e brometo de vecurônio (0,08 0,12 mg.kg-1 foram administrados na indução de ambos os grupos. Isoflurano (2% foi administrado para manutenção da anestesia. O Grupo N recebeu uma mistura de 50% de O2-N2O e o Grupo A recebeu uma mistura de 50% de O2-ar como gás de transporte. Anestesia com baixo fluxo (1 L.min-1 foi iniciada após um período de 10 minutos de alto fluxo inicial (4,4 L.min-1. Os valores de pressão arterial, frequência cardíaca, saturação periférica de O2, isoflurano inspiratório e expiratório, O2 inspiratório e expiratório, N2O inspiratório e expiratório, CO2 inspiratório, concentração de CO2 após expiração e concentração alveolar mínima foram registrados. Além disso, as taxas de consumo total de fentanil, dexmedetomidina e isoflurano, bem como de hemorragia, foram determinadas. RESULTADOS: A frequência cardíaca diminuiu em ambos os grupos após a carga de dexmedetomidina. Após a intubação, os valores do Grupo A foram maiores nos minutos um, três, cinco, 10 e 15. Após a intubação, os valores de hipotensão desejados foram alcançados em 5 minutos no Grupo N e em 20 minutos no grupo A. Os valores da CAM foram mais altos no Grupo N nos minutos um, três, cinco, 10 e 15 (p JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: Investigamos el efecto del óxido nitroso (N2O en hipotensión controlada durante anestesia con bajo flujo (isoflurano-dexmedetomidina en términos de hemodinámica, consumo de anestésico y costes

  20. Importância do treinamento de residentes em eventos adversos durante anestesia: experiência com o uso do simulador computadorizado Importancia del entrenamiento de los practicantes (médicos en ejercicio en eventos adversos durante la anestesia: experiencia con el uso del simulador computadorizado Importance of critical events training for anesthesiology residents: experience with computer simulator

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Domingos Dias Cicarelli

    2005-04-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Em decorrência da grande evolução da monitorização e do arsenal terapêutico disponível nos últimos anos, houve uma redução na incidência de eventos adversos durante procedimentos anestésicos. Porém, continua importante o treinamento dos médicos residentes para este tipo de ocorrência. O objetivo deste estudo foi avaliar o desempenho prático do residente de Anestesiologia em eventos adversos durante uma anestesia simulada. MÉTODO: Foram avaliados 17 médicos em especialização do primeiro e segundo anos de Anestesiologia (ME1 e ME2 e 5 instrutores do Centro de Ensino e Treinamento (CET do HCFMUSP (Título Superior em Anestesiologia - TSA. Foi utilizado o simulador computadorizado Anesthesia Simulator Consultant (ASC versão 2.0 - 1995/Anesoft para realização das simulações dos eventos. Os incidentes críticos escolhidos foram fibrilação ventricular (FV e choque anafilático. Após a realização da simulação, foram impressos os resultados de cada participante e avaliadas e pontuadas as condutas adotadas para resolver os incidentes críticos pré-determinados. Os participantes avaliaram o simulador através do preenchimento de um questionário. RESULTADOS: Não houve diferença estatística entre as médias obtidas pelos grupos, porém notou-se uma tendência de melhor desempenho dos grupos TSA e ME2 na simulação de FV. Com relação ao choque anafilático, houve uma tendência de melhor desempenho do grupo TSA. CONCLUSÕES: O treinamento para diagnóstico e condutas em eventos adversos deve ser foco de atenção durante o treinamento de médicos residentes e na atualização de anestesiologistas. O uso do simulador pode ser uma das formas de realizar o treinamento nestas situações.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: Con la decurrencia de la grande evolución de la monitorización y del arsenal terapéutico disponible en los últimos años, hubo una reducción en la incidencia de eventos adversos

  1. PARÂMETROS CARDIOPULMONARES E HEMOGASOMÉTRICOS EM OVINOS SOB ANESTESIA INALATÓRIA DURANTE ALTERNÂNCIAS DE DECÚBITO

    OpenAIRE

    Gouvea,Liana Villela; Palermo,João Gabriel César; Borges,José Renato Junqueira; de Almeida, Ricardo Miyasaka; Ximenes,Fábio Henrique Bezerra; Godoy, Roberta Ferro de [UNESP

    2016-01-01

    Resumo Os rebanhos de ovinos do Centro-Oeste do Brasil, principalmente da raça Santa Inês, aumentaram muito nos últimos anos. Dessa forma, a casuística clínica também cresceu e a realização de cirurgias de grande porte sem dor e com segurança se faz presente, associada ao uso da anestesia geral inalatória. Este trabalho objetivou avaliar os parâmetros cardiopulmonares e hemogasométricos em ovinos sob anestesia inalatória com ventilação controlada, bem como avaliar a influência de alternâncias...

  2. Efedrina versus fenilefrina: prevenção de hipotensão arterial durante anestesia raquídea para cesariana e efeitos sobre o feto Efedrina versus fenilefrina: prevención de hipotensión arterial durante anestesia raquidea para cesárea y efectos sobre el feto Ephedrine versus phenylephrine: prevention of hypotension during spinal block for cesarean section and effects on the fetus

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edno Magalhães

    2009-02-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A hipotensão arterial durante a anestesia raquídea para cesariana deve-se ao bloqueio simpático e compressão aorto-cava pelo útero e pode ocasionar efeitos deletérios para o feto e a mãe. A efedrina e fenilefrina melhoram o retorno venoso após bloqueio simpático durante anestesia raquídea. O objetivo deste estudo foi comparar a eficácia da efedrina e da fenilefrina em prevenir e tratar a hipotensão arterial materna durante anestesia raquídea e avaliar seus efeitos colaterais e alterações fetais. MÉTODO: Sessenta pacientes, submetidas à anestesia raquídea com bupivacaína e sufentanil para cesariana, foram divididas aleatoriamente em dois grupos para receber, profilaticamente, efedrina (Grupo E, n = 30, dose = 10 mg ou fenilefrina (Grupo F, n = 30, dose = 80 µg. Hipotensão arterial (pressão arterial menor ou igual a 80% da medida basal foi tratada com bolus de vasoconstritor com 50% da dose inicial. Foram avaliados: incidência de hipotensão arterial, hipertensão arterial reativa, bradicardia e vômitos, escore de Apgar no primeiro e quinto minutos e gasometria do cordão umbilical. RESULTADOS: A dose média de efedrina foi 14,8 ± 3,8 mg e 186,7 ± 52,9 µg de fenilefrina. Os grupos foram semelhantes quanto aos parâmetros demográficos e incidência de vômitos, bradicardia e hipertensão arterial reativa. A incidência de hipotensão arterial foi de 70% no Grupo E e 93% no Grupo F (p JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: La hipotensión arterial durante la anestesia raquídea para cesárea se debe al bloqueo simpático y a la compresión aortocava por el útero y puede ocasionar efectos malignos para el feto y su madre. La efedrina y fenilefrina mejoran el retorno venoso después del bloqueo simpático durante la anestesia raquídea. El objetivo de este estudio fue comparar la eficacia de la efedrina y de la fenilefrina en prevenir y tratar la hipotensión arterial materna durante la anestesia raquídea y

  3. Dexmedetomidina associada a propofol em sedação durante anestesia local para cirurgia plástica Dexmedetomidina asociada a propofol en sedación durante anestesia local para cirugía plástica Dexmedetomidine/propofol association for plastic surgery sedation during local anesthesia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Roberto Nociti

    2003-04-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A dexmedetomidina é um novo agonista alfa2-adrenérgico com propriedades potencialmente úteis em anestesia. Este estudo comparativo tem por finalidade observar os efeitos da dexmedetomidina sobre o consumo de propofol e a evolução dos parâmetros cardiovasculares e respiratórios, quando incluída em técnica de sedação durante anestesia local em cirurgia plástica. MÉTODO: Participaram do estudo 40 pacientes do sexo feminino com idades entre 16 e 60 anos, estado físico ASA I ou II, submetidas a cirurgias plásticas eletivas sob anestesia local. Foram distribuídas aleatoriamente em dois grupos de vinte: C (controle e D (dexmedetomidina. Em ambos, a sedação foi obtida com propofol na dose em bolus inicial de 1 mg.kg-1 seguida de infusão contínua em velocidade ajustada para se obter grau de sedação consciente. No grupo D, as pacientes receberam infusão venosa contínua de dexmedetomidina à velocidade de 0,01 µg.kg-1.min-1, concomitante com a de propofol. Foram avaliados: efeito da dexmedetomidina sobre o consumo de propofol; variação dos parâmetros cardiovasculares (PAS, PAD, PAM, FC e respiratórios (SpO2, P ET CO2; qualidade do controle do sangramento per-operatório e características da recuperação pós-anestésica. RESULTADOS: A velocidade média de infusão de propofol foi menor no grupo D (35,2 ± 5,3 µg.kg-1.min-1 do que no grupo C (72,6 ± 8,5 µg.kg-1.min-1. Os valores médios de PAS, PAD e PAM decresceram em relação ao inicial, a partir dos 30 minutos, no grupo D, mantendo-se a seguir estáveis até o final; no grupo C, aumentaram. A FC manteve-se estável no grupo D e aumentou a partir dos 30 minutos no grupo C. O tempo médio para obedecer ao comando de "abrir os olhos" foi menor no grupo D (6,3 ± 2,5 min em relação ao C (8,9 ± 2,7 min. O controle do sangramento per-operatório foi superior no grupo D em relação ao C. CONCLUSÕES: O emprego da dexmedetomidina associada ao

  4. Efeitos de misoprostol sublingual pré-operatório no tônus uterino durante anestesia com isoflurano para cesariana

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mohamed R. El Tahan

    2012-10-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Misoprostol reduz o sangramento uterino após o parto cesáreo sem efeitos prejudiciais para a mãe ou o bebê. Nosso objetivo foi avaliar os efeitos de misoprostol pré-operatório no sangramento materno e no tônus uterino e a necessidade de ocitocina após cesariana sob anestesia com isoflurano. MÉTODOS: Depois da aprovação pelo Comitê de Ética, 366 pacientes programadas para cesariana eletiva foram randomicamente designadas para receber 400 µg de misoprostol sublingual (n = 179 ou um comprimido de placebo (n = 187 após intubação. A anestesia foi mantida com CAM de isoflurano a 0,5-0,7 e óxido nitroso. Todas as pacientes receberam infusão de ocitocina (10 UI após expulsão da placenta. A estimativa de perda sanguínea, do tônus uterino, da necessidade de ocitocina complementar, da contagem de hematócrito, dos escores de Apgar no 1º e aos 5 minutos e os efeitos adversos foram registrados. RESULTADOS: Após a indução, as pacientes que receberam misoprostol sublingual tiveram perda sanguínea perioperatória (202 ± 383,1 vs 708 ± 204,3 mL, p < 0,001, necessidade de ocitocina (p < 0,001, níveis mais elevados de hematócrito (p < 0,001 e tônus uterino (p < 0,02 menos significativos. A incidência de tremores foi maior no grupo misoprostol (p = 0,04. Não houve diferenças entre os dois grupos quanto aos índices de Apgar, náusea e vômito, distúrbios gastrointestinais e febre. CONCLUSÃO: A administração pré-operatória de misoprostol sublingual (400 µg é segura e eficaz para atenuar o sangramento materno e o efeito no tônus uterino da anestesia com isoflurano em parto cesário.

  5. Embolia aérea arterial durante anestesia para marcação percutânea de nódulo pulmonar: relato de caso Embolia aérea arterial durante anestesia para marcación percutánea de nódulo pulmonar: relato de caso Arterial air embolism during anesthesia for percutaneous pulmonary node location: case report

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mônica Rossi Rodrigues

    2003-02-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A embolia aérea arterial é uma complicação que pode ocorrer durante diversos tipos de procedimentos cirúrgicos e está relacionada à alta incidência de morbidade e mortalidade. O objetivo deste relato é mostrar um caso de embolia aérea arterial durante anestesia geral para marcação percutânea de nódulo pulmonar guiada por tomografia computadorizada. RELATO DO CASO: Paciente de 33 anos, do sexo masculino, estado físico ASA II, foi submetido à marcação percutânea de nódulo pulmonar (provável metástase de tumor de células gigantes do fêmur com agulha gancho, sob anestesia geral. A indução anestésica foi realizada sem dificuldades e com o paciente em decúbito lateral direito, o procedimento foi iniciado. Após a instalação do gancho, enquanto os cirurgiões verificavam seu posicionamento com novas imagens de tomografia, foram observadas hipotensão arterial e bradicardia, seguidas de assistolia. Foram realizadas manobras de reanimação, drenagem torácica e ecocardiografia transtorácica. Em um dos cortes tomográficos mais recentes foi visualizada presença de ar no interior da aorta descendente. Após 15 minutos de reanimação houve reversão do quadro. O paciente foi encaminhado à UTI e 6 dias após recebeu alta hospitalar sem seqüelas. CONCLUSÕES: A embolia aérea arterial é uma complicação de vários procedimentos e na maioria deles o paciente está sob anestesia geral. O anestesiologista deve estar preparado para reconhecer as alterações envolvidas e fazer o diagnóstico diferencial. A instituição de medidas terapêuticas oportunas e adequadas são fundamentais para a redução da morbidade e da mortalidade decorrentes deste evento.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: La embolia aérea arterial es una complicación que puede ocurrir durante diversos tipos de procedimientos quirúrgicos y está relacionada a la alta incidencia de morbidad y mortalidad. El objetivo de este relato es

  6. Sevofluorano en la anestesia general del perro

    OpenAIRE

    Villalobos Núñez, Carmen María

    2011-01-01

    Para la realización de esta Tesis se han recogido datos de anestesias clínicas realizadas con sevofluorano, con el objeto de valorar los efectos de este agente anestésico en el sistema cardiorrespiratorio. Para ello se han recogido diversos parámetros cardiovasculares y respiratorios monitorizados durante toda la técnica anestésica, así como los tiempos de recuperación, con el objetivo de valorar la duración y calidad de la anestesia. El objetivo de esta Tesis es el estudio de validez clínica...

  7. Concentração plasmática de ropivacaína durante anestesia peridural lombar em crianças

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Verônica Vieira da Costa

    2002-02-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A ropivacaína é o mais novo anestésico local de uso na prática clínica. Sua estrutura é semelhante a forma levógira da bupivacaína, tendo portanto baixa toxicidade. Os valores das concentrações plasmáticas que podem ser atingidos em crianças, com o uso desta droga e também da bupivacaína (mesmo a forma racêmica administradas por via peridural lombar, são ainda pouco conhecidos. O objetivo desse estudo foi avaliar as concentrações sangüíneas de ropivacaína e bupivacaína por via peridural lombar em crianças, em bloqueios eficientes, relacionando-as aos valores descritos como níveis plasmáticos seguros. MÉTODO: Oitenta e um pacientes de ambos os sexos, submetidos à cirurgia de membros inferiores, receberam aleatoriamente ropivacaína (n = 41 ou bupivacaína (n = 40 por via peridural lombar associado à anestesia geral. Foram coletadas oito amostras de sangue venoso nos intervalos de tempo: zero (controle, 5, 25, 40, 60, 120, 180 e 240 minutos, e através de cromatografia de gás foram dosadas as concentrações plasmáticas da ropivacaína e da bupivacaína. RESULTADOS: Não houve diferença estatisticamente significante com relação aos dados antropométricos e variáveis fisiológicas estudadas entre os pacientes que receberam ropivacaína e bupivacaína. As doses médias administradas de ropivacaína e bupivacaína foram 2,35 mg.kg-1 e 2,13 mg.kg-1, respectivamente, que geraram as concentrações plasmáticas de 2,334 µg.ml-1 e 1,111 µg.ml-1, aos 25 e 40 minutos. Ambas abaixo do nível considerado seguro (3 µg.kg-1. CONCLUSÕES: A administração peridural lombar de ropivacaína e bupivacaína em crianças, nas doses abaixo de 3 mg.kg-1, produz bloqueio anestésico eficaz e determina concentrações plasmáticas que podem ser consideradas seguras.

  8. Redução significante dos valores de hematócrito em equinos saudáveis durante anestesia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aline Magalhães Ambrósio

    2012-04-01

    Full Text Available A administração isolada de xilazina (XIL e acepromazina (ACP pode diminuir o hematócrito (HT de equinos. Na rotina anestésica, estes fármacos são administrados em associações, cujo efeito final no HT não é conhecido, mas pode causar falsas impressões sobre o grau de hidratação, perda sanguínea e índices hematimétricos. O objetivo deste estudo foi caracterizar os valores de HT de equinos anestesiados com XYL, ACP, cetamina, midazolam, EGG, isofluorano e efedrina. Vinte equinos hígidos foram pré-tratados com XIL 0,8 mg/kg (grupo XIL, n=10 ou XIL 0,5 mg/kg associada à ACP 0,05 mg/kg (grupo XIL+ACP, n=10. A anestesia foi induzida com cetamina, midazolam e EGG e mantida com isofluorano. A efedrina foi utilizada para suporte cardiovascular. O HT, parâmetros vitais e hemogasometria foram avaliados no momento basal, entre administração de cada fármaco, após retorno à posição quadrupedal e 24 horas após momento basal (24hBL. A diminuição do HT iniciou-se 17 e 40 minutos após administração da medicação préanestésica no grupo XIL e grupo XIL+ACP, respectivamente (p<0,05. A queda máxima de 19% no grupo XIL e 17% no grupo XIL+ACP foi observada após 1 hora da administração da medicação pré-anestésica (p<0,05. Em ambos os grupos, o HT permaneceu baixo por mais de 180 minutos e retornou aos valores basais em 24hBL. Deve-se considerar a ocorrência de uma redução significativa do HT em equinos hígidos anestesiados com XYL, ACP, cetamina, midazolam, EGG, isofluorano e efedrina.

  9. Efeitos da adição do óxido nitroso na anestesia durante pneumoperitônio em intervenção cirúrgica videolaparoscópica Efectos de la adición del óxido nitroso en la anestesia durante pneumoperitoneo en intervención quirúrgica videolaparoscópica Consequences of the addition of nitrous oxide to anesthesia during pneumoperitoneum in videolaparoscopic surgeries

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cláudia Regina Fernandes

    2007-02-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A instalação do pneumoperitônio durante intervenção cirúrgica videolaparoscópica induz à ativação de mecanismos neuroendócrinos, alterações cardiovasculares e hormonais. O objetivo deste estudo foi avaliar os efeitos da adição do óxido nitroso sobre a resposta simpática cardiovascular e a concentração expirada de sevoflurano (CEsevo durante o pneumoperitônio, objetivando manter adequação anestésica avaliada por meio de parâmetros hemodinâmicos, do BIS e SEF95% em colecistectomias videolaparoscópicas. MÉTODO: Foram incluídos no estudo 31 pacientes, estado físico ASA I e II, com idade entre 19 e 76 anos. A indução anestésica foi feita com sufentanil (0,3 µg.kg-1, propofol (2,5 mg.kg-1 e cisatracúrio (0,15 mg.kg-1. Durante a manutenção da anestesia, a CEsevo foi ajustada para manter o BIS entre 40 e 60. Após a instalação do pneumoperitônio, iniciou-se a administração de óxido nitroso em concentrações crescentes de 20%, 40% e 60%. Foram aferidos os parâmetros BIS, SEF95%, pressão arterial sistólica (PAS, pressão arterial diastólica (PAD, pressão arterial média (PAM e freqüência cardíaca (FC, nos momentos M1 - 5 minutos após pneumoperitônio, M2 - quando a concentração expirada do N2O = 20% (CEN2O = 20%; M3 - CEN2O = 40%; M4 - CEN2O = 60%. RESULTADOS: Não houve diferença significativa entre PAS, PAD, PAM e FC durante os momentos estudados. Houve diferença significativa na CEsevo nos momentos estudados, com diminuição de 35% quando comparou-se M1 e M4. CONCLUSÕES: O óxido nitroso, quando administrado em associação ao sevoflurano durante o pneumoperitônio em colecistectomia videolaparoscópica, propicia estabilidade hemodinâmica e diminuição do consumo de sevoflurano, com manutenção de parâmetros eletroencefalográficos compatíveis com adequação anestésica.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: La instalación del pneumoperitoneo durante la intervención quir

  10. Uso do azul de metileno no tratamento de choque anafilático durante anestesia: relato de caso Uso del azul de metileno en el tratamiento de choque anafiláctico durante anestesia: relato de caso Methylene blue to treat anaphylaxis during anesthesia: case report

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renato Mestriner Stocche

    2004-12-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: No período peri-operatório, o risco de anafilaxia deve sempre ser considerado. A incidência de reações alérgicas em anestesia é controversa, variando entre 1/3000 a 1/20.000, com mortalidade entre 3% e 9 %. Neste caso, relata-se o uso do azul de metileno como coadjuvante ao tratamento do choque anafilático refratário à terapêutica tradicional. RELATO DO CASO: Paciente do sexo masculino, 53 anos, submetido a herniorrafia inguinal sob raquianestesia. No final do procedimento, ao receber dipirona (1,5 g, por via venosa, o paciente imediatamente apresentou broncoespasmo, cianose, diminuição da SpO2 e da PAS, culminando com parada cardiorrespiratória. Foi iniciada reanimação cardiorrespiratória com massagem cardíaca externa, seguida de IOT e injeção de adrenalina (1 mg, atropina (1 mg, restabelecendo-se FC de 150 bpm, porém sem pulso palpável. Administrou-se mais 1 mg de adrenalina além de 1 g de hidrocortisona, com restabelecimento de pulso central (8 minutos. Apesar de receber dopamina (20 µg.kg-1.min-1, o paciente manteve-se hipotenso (60 mmHg até 80 minutos. Administraram-se 100 mg de azul de metileno por via venosa, quando houve aumento da PAS para 85 e 105 mmHg, após a segunda dose. Seguiu-se da diminuição da dose de dopamina de 20 para 10, 7, 5 e, finalmente, 2 µg.kg-1.min-1. CONCLUSÕES: A anafilaxia tem como principal mediador a liberação de histamina, que induz a produção de óxido nítrico (NO, com conseqüente aumento da guanilato ciclase que promove vasodilatação arteriolar por aumento do GMP cíclico. O azul de metileno pode ser útil nestas situações, pois inibe a guanilato ciclase e conseqüentemente a vasodilatação, o que resulta em melhora hemodinâmica.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: En el período peri-operatorio, el riesgo de anafilaxis siempre debe ser considerado. La incidencia de reacciones alérgicas en anestesia es polémica, variando entre 1/3000 a 1/20.000, con

  11. Epilepsia e anestesia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcius Vinícius Mulatinho Maranhão

    2011-04-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A epilepsia é uma doença neurológica crônica das mais frequentes. Embora a anestesia para portadores de epilepsia seja mais frequente em neurocirurgia, esse grupo de pacientes necessita, da mesma maneira que a população geral, de anestesia para dife rentes procedimentos diagnósticos e terapêuticos. Este artigo visou abordar os aspectos de maior interesse para o anestesiologista na conduta perioperatória do paciente epiléptico submetido à anestesia para procedimentos não neurocirúrgicos. CONTEÚDO: Abordam-se aspectos relevantes de fisiopatologia, classificação e diagnóstico da epilepsia; terapêutica anticonvulsivante e interações com drogas anestésicas; tratamento cirúrgico e dieta cetogênica; efeitos pró- e anticonvulsivante das drogas utilizadas em anestesia; avaliação pré-operatória, conduta intra- e pós-operatória no paciente epiléptico, bem como o diagnóstico e a terapêutica das convulsões perioperatórias. CONCLUSÕES: No manuseio perioperatório do paciente epiléptico é importante para o anestesiologista identificar o tipo de epilepsia; a frequência, a gravidade e os fatores desencadeantes das crises epileptogênicas; o uso de drogas anticonvulsivantes e as eventuais interações com as drogas utilizadas em anestesia; a presença de dieta cetogênica e de estimulador do nervo vago e suas implicações na técnica anestésica. É essencial o conhecimento das propriedades pró- e anticonvulsivantes dos fármacos utilizados na anestesia, minimizando o risco de atividade convulsiva no intra- e no pós-operatório. Por fim, é importante traçar o diagnóstico e realizar o tratamento das crises convulsivas perioperatórias, o que possibilita menor morbimortalidade.

  12. Variaciones hemodinámicas con fentanilo versus remifentanilo en anestesia general balanceada, Cuenca 2008

    OpenAIRE

    Peralta Torres, René Eduardo; Montesdeoca Arias, Jorge Patricio

    2009-01-01

    Con el objetivo de comprobar que la anestesia general balanceada con fentanilo produce más estabilidad hemodinámica y mejor analgesia postoperatoria residual que la anestesia general balanceada con remifentanilo. Materiales y método: con un diseño clínico, controlado, aleatorizado a simple ciego se incluyeron 100 pacientes sometidos a cirugía abdominal en los quirófanos de los Hospitales Vicente Corral y José Carrasco durante el año 2008. El grupo Fentanilo (n=50) recibió anestesia general ba...

  13. Anestesia e retalhos microvascularizados

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cláudia Margarida Brito Pereira

    2012-08-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A cirurgia reconstrutiva de cabeça e pescoço representa um grande desafio perante a necessidade de se conseguir um bom resultado estético e funcional. A anestesia pode ser um fator importante e determinante no sucesso da técnica dado o seu papel na estabilidade hemodinâmica e no fluxo de sangue regional. Por outro lado, a anestesia regional, as variações no volume sanguíneo e o uso de fármacos vasoativos podem também influenciar o fluxo de sangue no retalho. Assim, devido à falta de recomendações baseadas em evidência, a técnica anestésica destes procedimentos é inspirada na maioria das vezes nas considerações patofisiológicas. O objetivo deste artigo é rever os aspectos relevantes no que diz respeito à prática anestésica destes casos. CONTEÚDO: Importância do tipo do retalho, considerações fisiológicas e abordagem anestésica. CONCLUSÕES: O papel do anestesiologista inclui para cirurgia com retalhos microvasculares a otimização das condições fisiológicas para a sobrevida do retalho sem aumentar a morbidade não cirúrgica.

  14. NEUROCIENCIA Y ANESTESIA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antonello Penna S., Dr., MD, PhD

    2017-09-01

    Full Text Available RESUMEN: Uno de los focos principales de la neurociencia es entender las funciones cerebrales superiores y cómo estas son inhibidas de manera reversible por los anestésicos generales. Por ello, la comprensión del mecanismo de acción de estos fármacos, que rutinariamente se utilizan en la práctica clínica, ha permitido avanzar enormemente en entender cómo se integra la información a nivel cerebral para establecer las nuevas memorias, la capacidad de reaccionar al medio externo y las bases de la consciencia. Desde la primera demostración pública exitosa del efecto de los anestésicos generales hasta nuestros días se ha determinado que los anestésicos actúan en bolsillos hidrofóbicos de receptores proteicos localizados en la membrana plasmática de las neuronas corticales y subcorticales, generando una disminución de la excitabilidad de las redes neuronales. Este efecto puede ser evidenciado por registros electroencefalográficos que han permitido registrar en línea el efecto de cada uno de los anestésicos. De este modo, se ha podido establecer que la anestesia es diferente al sueño, más bien corresponde a un coma farmacológico reversible. Sin embargo, pese a todos los avances, aún quedan muchas preguntas por responder, lo cual es el objetivo de las futuras investigaciones. SUMMARY: One of the main focus of neuroscience is to understand the higher brain functions, which are reversibly inhibited by general anesthetics. Therefore, understanding the mechanism of action of these drugs, which are routinely used in clinical practice, has allowed a great advance in how information is integrated in the brain to establish new memories, the ability to react to external environment and the consciousness. Since the first successful public demonstration of the effect of general anesthetics to the present day, it has been determined that anesthetics act on hydrophobic pockets of protein receptors in cortical and subcortical neurons

  15. Citocinas e anestesia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João Batista Santos Garcia

    2002-02-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Vários trabalhos têm abordado as citocinas que podem ser estimuladas e liberadas por lesão cirúrgica, trauma, infecção, inflamação e câncer. Níveis elevados circulantes das citocinas parece ter implicações no aparecimento de complicações e retardo da recuperação pós-operatória de pacientes. O objetivo da presente revisão é resumir as informações hoje disponíveis sobre citocinas. CONTEÚDO: As citocinas são moléculas polipeptídicas produzidas por uma grande variedade de células e parecem não ter função na homeostase, sob condições normais. Esses mediadores são responsáveis por respostas locais ou sistêmicas, gerando alterações imunológicas, metabólicas, hemodinâmicas, endócrinas e neurais. Podem ativar respostas biológicas benéficas, como estimulação da função antimicrobiana, cicatrização de feridas, mieloestimulação e mobilização de substratos. No entanto, a secreção abundante de citocinas está associada a efeitos deletérios como hipotensão arterial, falência de órgãos e morte. CONCLUSÕES: Ao concluir esta revisão, fica evidente que as citocinas desempenham um papel de fundamental importância como mediadores de respostas metabólicas, hormonais, imunológicas e hematológicas, que há potencial terapêutico com o bloqueio de sua expressão e que a anestesia pode interferir de alguma forma na sua ativação. No entanto, muitas perguntas não estão ainda respondidas e estudos devem ser realizados nos próximos anos buscando esclarecer as ações das citocinas não só para a experimentação mas também para a prática clínica.

  16. Anestesia en la ventana aorto-pulmonar

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lincoln de la Parte Pérez

    2001-06-01

    Full Text Available Se realiza un estudio retrospectivo de 9 niños menores de 2 años operados de ventana aorto-pulmonar en el Cardiocentro del Hospital Pediátrico Docente "William Soler", durante el período de 1986 a 1994. El fentanyl fue el agente más utilizado en la inducción de la anestesia (8 pacientes, 89 % y se empleó en todos los pacientes durante el mantenimiento, lo que aportó gran estabilidad hemodinámica. Las complicaciones encontradas fueron el síndrome de bajo gasto cardíaco, broncoespasmo, hipertensión pulmonar y arritmias cardíacas. En todos los pacientes se utilizó el protocolo para el manejo de la hipertensión pulmonar. No hubo fallecidos durante el transoperatorio ni en el posoperatorio inmediato.A retrospective study of 9 children under 2 operated on of aorto-pulmonary window at the Heart Center of "William Soler" Pediatric Teaching Hospital from 1986 to 1994 was conducted. Fentanyl was the most used agent in the induction of anesthesia (8 patients, 89 % and it was administered to all patients during maintenance, which made possible a great hemodynamic stability. The complications found were the syndrome of low cardiac output, bronchospasm, pulmonary hypertension and cardiac arrhythmias. The protocol for the management of pulmonary hypertension was used with all patients. Deaths were not reported either during the transoperative or in the immediate postoperative.

  17. Identificação tomográfica da bainha epineural dos nervos poplíteos durante anestesia regional intermitente do pé: relato de caso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Geier Karl Otto

    2002-01-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Bloqueios nervosos regionais dos membros inferiores são comumente realizados para procedimentos cirúrgicos e analgesia pós-operatória. O objetivo deste estudo é demonstrar um raro e casual registro tomográfico sobre o posicionamento de cateter na fossa poplítea, originalmente destinado ao nervo ciático, e a dispersão da solução anestésica durante analgesia intermitente num trauma de pé. RELATO DO CASO: Paciente do sexo masculino, 54 anos, estado físico ASA III, com trauma grave do pé esquerdo foi submetido a bloqueio do nervo ciático através de cateter colocado no ápice do triângulo poplíteo. Como injeções de 10 ml de bupivacaína a 0,375% com epinefrina a 1:400.000 permitiram curativos e desbridamentos diários com preservação da sensibilidade plantar, o fenômeno foi investigado radiologicamente. Estudos radiográficos e tomográficos contrastados da região poplítea permitiram mostrar o posicionamento do cateter e a dispersão da solução anestésica sob a bainha de cada um dos componentes do nervo ciático. CONCLUSÕES: Os relevantes achados tomográficos contrastados da região poplítea comprovaram recente estudo anatômico sobre a individualização da bainha neural, envolvendo os nervos poplíteos com implicações no desfecho do bloqueio nesta região. A analgesia obtida por cateter mantido na fossa poplítea demonstrou ser efetiva apenas no dermátomo do nervo fibular superficial (dorso medial do pé e hálux.

  18. Anestesia para el trabajo de parto

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    DR. B. Eugenio Canessa

    2014-11-01

    Full Text Available El nacimiento de un hijo es una experiencia maravillosa y dolorosa. Los mitos que rodean a la anestesia del trabajo de parto surgen tanto desde la ciencia y la sociedad como de las personas. En el presente artículo se revisa el estado actual del conocimiento sobre el efecto de la anestesia en el trabajo de parto, tomando alguno de sus aspectos más relevantes. Aunque la anestesia epidural estándar tiene algunos efectos negativos (partos instrumentales, paresia, retención de orina, las técnicas modernas (combinada espinal-epidural o epidural dosis bajas han mejorado mucho estos aspectos. Por ello, la anestesia neuroaxial es la mejor alternativa en analgesia para parto. Sin embargo, a pesar de todo este avance poco ha cambiado la satisfacción materna, indicando que el dolor es sólo una parte de algo mucho más complejo.

  19. Anestesia para mielografia em cães

    OpenAIRE

    Leite Alessandra Valeiro; Nunes Newton; Rezende Márlis Langenegger de

    2002-01-01

    Com este texto, objetiva-se fornecer ao profissional de Medicina Veterinária subsídios para a realização de mielografia para o qual é necessário submeter o animal À anestesia geral. Este exame não é um procedimento inócuo, pois várias reações adversas podem ocorrer durante e após sua realização. O conhecimento da farmacodinâmica dos agentes anestésicos é de fundamental importância para o Médico Veterinário escolher associações que proporcionem segurança e minimizem as complicações advindas da...

  20. Estrategias de Control en la Práctica de Anestesia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juan Albino Méndez Pérez

    2011-07-01

    Full Text Available Resumen: Este artículo se centra en el modelado y control de la hipnosis durante la anestesia de pacientes sometidos a intervenciones quirúrgicas. Por un lado en este trabajo se aborda el problema del modelado del proceso presentando resultados validados con pacientes reales. Asimismo, se propone un controlador avanzado para regular el estado hipnótico. El algoritmo empleado se basa en combinar una acción nominal obtenida a partir de la dinámica inversa juntamente con una acción correctora que se obtiene a partir de un controlador predictivo. El trabajo persigue desarrollar una técnica que permita la regulación del estado del paciente y que tenga características de adaptabilidad a los diferentes individuos. Se muestran resultados preliminares de la estrategia propuesta para demostrar la eficiencia del sistema. Palabras clave: Anestesia, BIS, Propofol, Control, Control PID, Control Predictivo, Control Adaptativo

  1. Complicações e seqüelas neurológicas da anestesia regional realizada em crianças sob anestesia geral: um problema real ou casos esporádicos? Complicaciones y secuelas neurológicas de la anestesia regional realizada en niños bajo anestesia general: ¿ Un problema real o casos esporádicos? Neurological complications and damage of regional block in children under general anesthesia: a real problem or sporadic cases?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Verônica Vieira da Costa

    2006-12-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Tem sido discutido se a técnica de anestesia regional em crianças, que na maioria das vezes é realizada após a anestesia geral, é realmente segura. Há o risco potencial de uma lesão neurológica permanente ou temporária quando o paciente não pode informar eventual parestesia ou dor, durante a realização da anestesia regional, o que gera insegurança por parte dos anestesiologistas. O objetivo deste estudo foi avaliar a prevalência de complicações e seqüelas neurológicas da anestesia regional em crianças sob anestesia geral. MÉTODO: Numa análise prospectiva foram estudadas crianças submetidas a intervenções cirúrgicas ortopédica e plástica reparadora sob anestesia regional associada à anestesia geral. A indução e a manutenção da anestesia foram por vias venosa ou inalatória. Após anestesia geral era realizada anestesia regional e avaliada a existência de complicações imediatas, o número de punções realizadas, complicações de médio prazo e presença de seqüelas neurológicas. RESULTADOS: Num período de 13 meses foram estudadas 499 crianças de ambos os sexos, com idade média de 6,7 anos. A maioria dos pacientes foi submetida à anestesia geral associada à peridural lombar ou caudal. A prevalência de complicação imediata foi 3,6%, sendo a mais freqüente o sangramento no momento da punção. A prevalência de complicações em médio prazo foi 1,1%, sendo a mais freqüente a hipoestesia e não houve seqüela neurológica de longo prazo. CONCLUSÕES: Os resultados do presente estudo são concordantes com os de outros autores com relação à baixa prevalência de complicações da anestesia regional em crianças sob anestesia geral, sem deixar seqüelas neurológicas. Isso pode ser atribuído ao uso de material adequado e a experiência da equipe de anestesia.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: Han sobrevenido discusiones sobre si la técnica de anestesia regional en niños, que en la

  2. Estudo comparativo entre anestesia peridural torácica e anestesia geral em mastectomia oncológica Estudio comparativo entre la anestesia epidural torácica y la anestesia general en mastectomia oncológica Comparative study between thoracic epidural block and general anesthesia for oncologic mastectomy

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sérgio D. Belzarena

    2008-12-01

    utiliza a menudo para procedimientos estéticos de la mama y existen pocos relatos de su uso en mastectomías con exploración axilar. El presente estudio comparó la técnica con anestesia general en operaciones oncológicas de la mama. MÉTODO: Cuarenta pacientes que se dividieron en dos grupos. En el grupo epidural (n = 20 se hizo una epidural torácica con bupivacaína y fentanil asociados a la sedación con midazolam. El otro grupo (n = 20, recibió anestesia general convencional con propofol, atracurio y fentanil y mantenimiento con O2 e isoflurano. En el intraoperatorio y durante la operación, se verificó la necesidad de complementación de la anestesia o de la sedación y variables hemodinámicas. En el postoperatorio fue registrado el tiempo para el alta de la sala de recuperación postanestésica y hospitalaria, la intensidad del dolor y el consumo de analgésicos, efectos adversos y la satisfacción con la técnica anestésica. RESULTADOS: Los grupos fueron similares y no hubo diferencia en la duración de la operación. Se hizo necesario complementar la sedación en un 100% de las pacientes que recibieron anestesia epidural y en un 15% fue complementada la analgesia con infiltración de anestésico local en la axila. Hubo una mayor incidencia de hipertensión arterial en el grupo de la anestesia general y de hipotensión entre las que recibieron epidural. Ocurrió prurito en un 55% de las pacientes con anestesia epidural. Náusea (30% y vómito (45%, fueron más frecuentes entre las que recibieron anestesia general. La analgesia postoperatoria tuvo una mejor calidad y el consumo de analgésicos fue menor en el grupo de la anestesia epidural. El período de internación también fue menor. CONCLUSIONES: La técnica epidural tiene algunas ventajas con relación a la anestesia general y puede ser considerada una opción para la anestesia en mastectomías oncológicas con vaciado axilar.BACKGROUND AND OBJECTIVES: Thoracic epidural block is frequently used for

  3. Dexmedetomidina: papel atual em anestesia e cuidados intensivos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Joana Afonso

    2012-02-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Atualizar e rever a aplicação da dexmedetomidina em anestesia e cuidados intensivos. Este trabalho é uma revisão abrangente dos usos clínicos, farmacologia, farmacocinética, mecanismo de ação e efeitos adversos da dexmedetomidina. CONTEÚDO: O uso efetivo de agentes sedativo-hipnóticos e analgésicos é parte integral do conforto e segurança dos pacientes. A dexmedetomidina é um potente e altamente seletivo agonista dos adrenoceptores α-2 com propriedades simpaticolíticas, sedativas, amnésicas e analgésicas, que tem sido descrito como um adjuvante útil e seguro em várias aplicações clínicas. Proporciona uma "sedação consciente" única, analgésica, sem depressão respiratória. Os usos correntes revistos incluem sedação na unidade de tratamento intensivo - UTI (adulta e pediátrica, departamento de emergência, anestesia regional e geral, neurocirurgia, sedação para procedimentos pediátricos, intubação por fibra ótica em doentes acordados, cirurgia cardíaca e cirurgia bariátrica. CONCLUSÕES: A dexmedetomidina oferece a capacidade única de fornecer sedação e analgesia sem depressão respiratória. É um agente novo com uma grande margem de segurança, excelente capacidade sedativa e moderadas propriedades analgésicas. Embora o seu amplo uso seja, atualmente, em pacientes de unidades de cuidados intensivos cirúrgicos e não cirúrgicos, a dexmedetomidina parece ter futuras aplicações promissoras nas áreas de neuroproteção, cardioproteção e renoproteção. São necessários mais estudos detalhados para definir o seu papel como sedativo em doentes críticos, neurocirúrgicos e pediátricos, como adjuvante da anestesia e como sedativo durante procedimentos

  4. Hemofilia e anestesia Hemofilia y anestesia Hemophilia and anesthesia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rafael Py Gonçalves Flores

    2004-12-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Há mais de 25 anos não se discute, na Revista Brasileira de Anestesiologia, de maneira geral, o manuseio do paciente hemofílico durante o peri-operatório. Apesar da hemofilia ter sido definida como doença no início do século XIX, existem, até hoje, muitas descobertas relacionadas a ela. O objetivo dessa revisão é apontar os cuidados relacionados ao paciente hemofílico durante o período peri-operatório, ressaltando o manuseio da hemofilia tipo A e o papel do anestesiologista na equipe multidisciplinar. CONTEÚDO: Estão definidas as características da hemofilia quanto à clínica e aos achados laboratoriais, a terapia farmacológica atual e os cuidados com o manuseio do paciente hemofílico no intra-operatório. CONCLUSÕES: O manuseio do paciente hemofílico foi aprimorado. Como conseqüência desse avanço, percebe-se a importância e a necessidade de que novos conhecimentos, principalmente em relação à terapia de reposição, sejam dominados por hematologistas e por todo o corpo clínico-cirúrgico. Quando pacientes hemofílicos submetem-se a procedimentos cirúrgicos é necessário o envolvimento de uma equipe multidisciplinar da qual o anestesiologista faz parte. A este profissional cabe a responsabilidade de tomar as condutas mais adequadas frente ao paciente hemofílico, participando e comunicando-se ativamente com os membros da equipe multidisciplinar.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: Hace más de 25 años que en la Revista Brasileña de Anestesiologia, de manera general, no se discute el manoseo del paciente hemofílico durante el peri-operatorio. A pesar de la hemofilia haber sido definida como enfermedad en el inicio del siglo XIX, existen hasta hoy, muchos hallazgos relacionados a ella. El objetivo de esa revisión es apuntar las atenciones relacionadas al paciente hemofílico durante el período peri-operatorio, realzando el manoseo de la hemofilia tipo A y el papel del anestesiologista en el

  5. Reação anafilática durante transplante renal intervivos em criança alérgica ao látex: relato de caso

    National Research Council Canada - National Science Library

    Potério, Glória Maria Braga; Braga, Angélica de Fátima de Assunção; Santos, Regina Maria da Silva Feu; Gomes, Ilka de Fátima Santana Ferreira Boin; Luchetta, Maria Inez

    2009-01-01

    ... anafilática durante anestesia para transplante renal e destacar algumas condutas multiprofissionais empregadas para diminuir o risco de choque anafilático após a reperfusão do transplante. RELATO DO CASO...

  6. Reação anafilática durante transplante renal intervivos em criança alérgica ao látex: relato de caso Reacción anafiláctica durante transplante renal intervivos en niño alérgico al látex: relato de caso Anaphylaxis during renal transplantation of live donor graft in a child with latex allergy: case report

    National Research Council Canada - National Science Library

    Glória Maria Braga Potério; Angélica de Fátima de Assunção Braga; Regina Maria da Silva Feu Santos; Ilka de Fátima Santana Ferreira Boin Gomes; Maria Inez Luchetta

    2009-01-01

    ... anafilática durante anestesia para transplante renal e destacar algumas condutas multiprofissionais empregadas para diminuir o risco de choque anafilático após a reperfusão do transplante. RELATO DO CASO...

  7. Efeitos cardiovascular e metabólico da reposição volêmica com hidroxietilamido 130/0,4 em felinos domésticos com hipovolemia induzida Cardiovascular and metabolic effects of volemic expansion with hydroxyethyl starch 130/0,4 in domestic cats with induced hypovolemia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    André Vasconcelos Soares

    2009-04-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi comparar os efeitos da expansão volêmica produzida pelo hidroxietilamido 130/0,4 (HES 130/0,4 ou pelo sangue em gatas com hipovolemia induzida. Foram utilizadas 12 gatas adultas, sem raça definida (SRD, com peso médio de 2,85±0,28kg e hígidas. Os animais foram induzidos à anestesia geral com isofluorano a 5V%, intubados e conectados a um sistema sem reinalação de gases. Após a instrumentação, os animais foram mantidos sob anestesia com isoflurano em 1,3V% e mantidos em ventilação mecânica, ciclada a pressão. Em seguida, foi induzida a hipovolemia por meio da retirada de 30ml kg-1 de sangue da artéria femoral. Após 60 minutos da estabilização do paciente, os tratamentos foram iniciados. No grupo hidroxietilamido (GH, n=06, os animais receberam, como reposição volêmica, o hidroxietilamido 130/0,4 no mesmo volume de sangue retirado e, no grupo sangue (GS, n=06, os animais receberam o próprio sangue retirado, sendo considerado grupo controle. A pressão arterial sistólica, a diastólica e a média e a pressão venosa central aumentaram após a reposição volêmica em ambos os grupos. Observou-se, para o GH, aumento da PaCO2 no T15, no T30 e no T60. Houve redução do pH no T30 e no T45 e de íons Na+ no T90 para GH. A restauração das pressões arteriais com a administração de HES 130/0,4 foi similar ao grupo controle. A reposição volêmica com HES 130/0,4 produz aumento acentuado da PVC; e o uso do HES 130/0,4 em gatas submetidas à hipovolemia não produziu alterações clinicamente significativas no equilíbrio ácido-básico.The aim of this study was to compare the volemic expansion effects produced by hydroxyethyl starch 130/0.4 (HES 130/0.4 or blood, in female cats with induced hypovolemia. Twelve healthy adult female cats, crossbreed and weighing an average of 2.85±0.28kg were used. They were induced into general anesthesia with isofluorane at 5V%, intubated and connected to a non

  8. Falhas na anestesia subaracnóidea Fallos en la anestesia subaracnoide Failure of subarachnoid blocks

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hugo Praxedes

    2010-02-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Desde Bier, é descrita falha de anestesia subaracnóidea que causa desconforto ao paciente e que ocorre, eventualmente, mesmo diante de profissionais hábeis que a tenham conduzido de forma tecnicamente correta. Há variação, no entanto, de conceito de falha e, principalmente, de identificação precisa de causas. O objetivo do trabalho é identificar melhor as causas deste desconforto por meio de revisão sistemática de publicações com casuística significativa. CONTEÚDO: Dividiu-se a análise em três tópicos: anatomia e suas variações; o agente anestésico, que trata da seleção do agente, suas soluções e adições, de forma a atingir o resultado mais apropriado à intervenção cirúrgica proposta; e a dose, discutindo-se concentração, volume ou dose gravimétrica, no sentido de obter resultado mais adequado tanto no que diz respeito à intensidade do bloqueio quanto à sua duração. CONCLUSÕES: As falhas são mais afeitas a fatores técnicos: avaliação anatômica adequada, escolha criteriosa da agulha e do local da punção, cuidados no armazenamento dos agentes, adequação de dose, baricidade, além de posicionamento correto do paciente durante e após punção, tudo adequado ao objetivo cirúrgico.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: Bier ya describía los fallos en la anestesia subaracnoidea que causa la incomodidad al paciente, y que se da, eventualmente, incluso con la presencia de profesionales hábiles que la hayan conducido de forma técnicamente correcta. Existe una variación, sin embargo, del concepto de fallo y principalmente, de la identificación precisa de las causas. El objetivo del trabajo es identificar mejor las causas de esa incomodidad a través de la revisión sistemática de publicaciones con casuística significativa. CONTENIDO: El análisis se dividió en tres tópicos: la anatomía y sus variaciones; el agente anestésico, que trata sobre la selección del agente, sus soluciones

  9. Anestesia e apnéia obstrutiva do sono Anestesia y apnea obstructiva del sueño Anesthesia and obstructive sleep apnea

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Charles Machado

    2006-12-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A manutenção da permeabilidade das vias aéreas superiores (VAS é fundamental para anestesia e para pacientes com apnéia obstrutiva do sono (AOS. Durante ambos os estados ocorre uma redução do tônus da musculatura faríngea. Identificar pacientes com AOS é importante a fim de prevenir riscos durante o período perioperatório. O objetivo deste trabalho foi apresentar uma revisão sobre a relação entre AOS e anestesia, levando em conta o planejamento da anestesia, enfatizando a importância da identificação da síndrome da apnéia e hipopnéia obstrutiva do sono (SAHOS. CONTEÚDO: A SAHOS ocorre principalmente por colapso total ou parcial da faringe, podendo levar a diminuição na saturação da oxiemoglobina e complicações cardiovasculares. Os principais fatores predisponentes são sexo masculino, obesidade, características crânio e orofaciais. Seu diagnóstico é clínico e polissonográfico, o que também quantifica a gravidade da AOS. Os pacientes com SAHOS especialmente acentuada podem apresentar problemas durante a intubação traqueal e sedação, estando alguns mais susceptíveis à ocorrência de hipóxia e hipercapnia, mesmo na vigência de pulmões normais. Os autores discutem a importância do diagnóstico prévio e tratamento da SAHOS na tentativa de reduzir o risco anestésico. CONCLUSÕES: O diagnóstico e tratamento prévio da SAHOS com pressão positiva contínua nas VAS podem reduzir complicações perioperatórias e influenciar na conduta anestésica e na recuperação pós-anestésica.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: El mantenimiento de la permeabilidad de las vías aéreas superiores (VAS es fundamental para la anestesia y para pacientes con apnea obstructiva del sueño (AOS. Durante los de los estados, ocurre una reducción del tono de la musculatura faríngea. Identificar pacientes con AOS es importante para prevenir riesgos durante el período perioperatorio. El objetivo de este

  10. Anestesia venosa total para timectomia em paciente com Miastenia Gravis: relato de caso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rezer Gabrielle

    2003-01-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Pacientes com doenças neuromusculares, como Miastenia Gravis, respondem de maneira anormal aos anestésicos, conforme a técnica e as drogas administradas. O objetivo deste relato é mostrar um caso de paciente portadora de Miastenia Gravis, submetida a timectomia sob anestesia venosa total com propofol e remifentanil. RELATO DO CASO: Paciente feminina, 52 anos, 72 kg, com história de Miastenia Gravis submetida a timectomia transesternal, sob anestesia venosa total, com o uso de propofol em infusão alvo controlada (3 g.ml-1 e remifentanil contínuo (0,3 µg.kg-1.min-1. Para a intubação traqueal foi utilizada succinilcolina (50 mg, sendo realizada sem dificuldade. Com a finalidade de realizar a analgesia pós-operatória, foram utilizados tramadol (50 mg, cetoprofeno (100 mg e dipirona (1 g, no per-operatório. Após a cirurgia, a infusão de propofol e remifentanil foi encerrada e, 15 minutos depois, a paciente foi extubada. A paciente apresentava-se eupnéica, acordada, sem dor, movimentando membros, com freqüência respiratória de 14 mpm e mantendo saturação de oxigênio de 97%. Permaneceu com cateter nasal de O2 a 2 L.min-1 na UTI intermediária, durante 36 horas, e recebeu alta hospitalar no 4º dia do pós-operatório. CONCLUSÕES: A anestesia venosa total, com agentes anestésicos de curta duração e sem metabólitos ativos, favoreceu a recuperação e a extubação precoce da paciente

  11. Butorfanol na anestesia com propofol em gatas pré-tratadas com levomepromazina

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Souza Almir Pereira de

    2002-01-01

    Full Text Available Objetivando avaliar a influência do butorfanol na anestesia com propofol na espécie felina, durante ovariosalpingohisterectomia eletiva, utilizaram-se 20 gatas, adultas, distribuídas em dois grupos (G1 e G2 de igual número. O G1 foi pré-tratado com levomepromazina (1mg/kg via IM, enquanto no G2 adicionou-se butorfanol na dose de 0,4mg/kg via IM, à pré-medicação. A indução anestésica foi feita com propofol IV, em dose suficiente para permitir a intubação. Para a manutenção da anestesia por 60 minutos, o propofol foi utilizado em doses complementares de 3 mg/kg, sempre que necessário. Em ambos os grupos, houve redução significativa da temperatura corporal, com valores abaixo do considerado fisiológico para a espécie. Os demais parâmetros fisiológicos (freqüências cardíaca e respiratória e pressão arterial, de uma forma geral, tiveram alterações porém sem significado clínico para a espécie. As concentrações de cortisol sérico no G2 permaneceram dentro dos limites considerados fisiológicos, enquanto no G1 houve elevação desses valores durante o procedimento cirúrgico. Assim, pode-se concluir que o butorfanol não reduziu a dose do propofol, porém determinou maior conforto para os animais durante a cirurgia o que indicaria a sua inclusão em protocolos anestésicos para esta espécie.

  12. Efeitos cardiovascular e metabólico da reposição volêmica com solução salina hipertônica 7,5% associada ou não ao hidroxietilamido 130/0,4 em gatas com hipovolemia induzida Cardiovascular and metabolic effects of volemic expansion with 7.5% hypertonic saline alone or in combination with hydroxyethylstarch 130/0.4 in cats with induced hypovolemia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Doughlas Regalin

    2010-08-01

    Full Text Available A hipovolemia é caracterizada por uma perda de fluido corpóreo, cursando com inadequado fluxo circulatório e consequentemente lesão tecidual. Neste trabalho, objetivou-se comparar a expansão volêmica resultante da administração de solução salina hipertônica (NaCl 7,5%, isolada ou em associação com hidroxietilamido 130/0,4 (HES 130/0,4, em gatas com hipovolemia induzida, sob anestesia geral inalatória com isofluorano. Foram utilizadas 12 gatas, sem raça definida, adultas, com massa corporal média de 3,07±0,56kg. Os animais foram anestesiados com isofluorano e, após a preparação cirúrgica, foram mantidos em 1CAM sob ventilação controlada. Após a estabilização do plano anestésico, foram avaliados os parâmetros basais. Em ato contínuo, iniciou-se a fase de hipovolemia, por meio da retirada de 30ml kg-1 de sangue da artéria femoral. Após 60 minutos da estabilização do quadro de hipovolemia, foi realizada nova mensuração dos dados, alocando-se os animais aleatoriamente em dois grupos: GSH (grupo solução hipertônica, n=6, que receberam, na fase de expansão volêmica, NaCl 7,5% isolada, na dose de 4ml kg-1, e GSHC (grupo salina hipertônica associado ao coloide, n=6, que receberam NaCl 7,5%, na mesma dose citada, em associação com HES 130/0,4, na dose de 30ml kg-1. Após realização do tratamento, foram avaliados novamente os efeitos cardiovasculares e hemogasométricos por 120 minutos. As pressões arteriais média (PAM, sistólica (PAS e diastólica (PAD foram maiores logo após a expansão volêmica (T0 para o GSH. De T45 até T120, as PAM, PAS e PAD foram maiores para o GSHC, em comparação com o GSH. A pressão venosa central foi maior no GSHC até T60. Não foram observadas diferenças entre grupos para frequência cardíaca e respiratória, íons sódio e potássio, déficit de base, bicarbonato, saturação de oxigênio na hemoglobina, glicose, PaCO2, PaO2 e pH. Conclui-se que a administração de Na

  13. Anestesia en el tronco arterioso común

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lincoln de la Parte Pérez

    2003-04-01

    Full Text Available El tronco arterioso es una anomalía congénita del corazón poco frecuente, que se asocia con una alta mortalidad. El 50 % de los pacientes fallece antes de los 3 meses de edad y el 80 % antes del año. La causa más frecuente de muerte es el fallo cardíaco agudo. Presentamos una experiencia en 2 lactantes operados en el Cardiocentro del Hospital Pediátrico Universitario "William Soler", durante el año 2001: una niña de 7 meses de edad, desnutrida, con un tronco común tipo II, hipertensión pulmonar y síndrome de DiGeorge, el segundo paciente era un lactante de 3 meses de edad, con un tronco común tipo I. Se utilizó fentanyl en la inducción y el mantenimiento de la anestesia. La temperatura recta se bajó a 25 °C y los tiempos de circulación extracorpórea fueron de 100 y 121 min y el de pinzamiento aórtico de 30 y 31 min. Se utilizó apoyo farmacológico con dobutrex en dosis bajas. Se emplearon fentanyl, vasodilatadores en infusión continua e hiperventilación, como medidas para evitar la crisis de hipertensión pulmonar. Los enfermos evolucionaron satisfactoriamente durante todo el transoperatorio.The truncus arteriosus is a rare congenital abnormality that is associated with high mortality. 50 % of the patients died before being 3 months old and 80 % before the first year. The most frequent cause of death is acute heart failure. The cases of 3 infants operated on at the Heart Center of William Soler Pediatric Teaching Hospital during 2001 are presented: a seven-old month malnourished girl with a type II common truncus, pulmonary hypertension and DiGiorgio's syndrome, and a 3-month-old female infant with type I common truncus. Fentanyl was used in the induction and maintenance of anesthesia. The straight temperature was lowered to 25 °C, whereas the times of extracorporeal circulation were 100 and 121 min and those of the aortic clamping were 30 and 31 min. Low doses of dobutrex were administered as pharmacological support

  14. Anestesia e síndrome do QT longo Anestesia e síndrome del QT largo Anesthesia and the long QT syndrome

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Michelle Nacur Lorentz

    2007-10-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: As disritmias cardíacas são fatores importantes de morbimortalidade no período perioperatório. Dentre as causas de disritmias, a síndrome do QT longo, tanto em sua forma genética como adquirida deve ser lembrada, já que muitos fármacos usados em anestesia, bem como ocorrências no período perioperatório podem prolongar o intervalo QT e precipitar disritmias cardíacas potencialmente malignas. CONTEÚDO: Revisão da síndrome do QT longo (LQTS, abordando suas causas e sua definição, assim como os mecanismos da doença. Além de citar vários fármacos implicados no prolongamento do intervalo QT, as abordagens anestésicas mais adequadas para os pacientes afetados são sugeridas. CONCLUSÃO: A síndrome do QT longo, possível causa de morbimortalidade intra e pós-operatória, pode estar relacionada com fármacos utilizados durante anestesia. Essa condição demanda conhecimento do anestesiologista a fim de evitar desfecho desfavorável do ato operatório.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: Las arritmias cardíacas son factores importantes de morbi mortalidad en el período perioperatorio. Entre las causas de arritmias, el síndrome del QT largo, tanto en su forma genética como adquirida debe ser recordado ya que muchos fármacos usados en anestesia, e incidencias en el período perioperatorio pueden prolongar el intervalo QT y precipitar arritmias potencialmente malignas. CONTENIDO: Revisión del Síndrome del QT largo (LQTS, abordando sus causas y definición, y los mecanismos de la enfermedad. Además de citar varios fármacos implicados en el prolongamiento del intervalo QT, los abordajes anestésicos más adecuadas para los pacientes afectados son sugeridas. CONCLUSIÓN: El síndrome del QT largo, posible causa de morbimortalidad intra y postoperatoria, puede estar relacionada a fármacos utilizados durante anestesia. Esa condición demanda conocimiento del anestesiólogo para evitar un desenlace no deseado de

  15. ¿QUÉ HACEMOS LOS ANESTESIÓLOGOS? DESDE LA VIGILANCIA ANESTÉSICA MONITORIZADA HASTA LA ANESTESIA GENERAL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ricardo Bustamante, Dr.

    2017-09-01

    Full Text Available RESUMEN: La anestesiología es la rama de la medicina dedicada al alivio del dolor y al total cuidado del paciente antes, durante y después de un acto quirúrgico. Es una de las especialidades de la medicina que más ha avanzado en los últimos 40 años. Es así que hoy se operan pacientes que nunca se hubiera pensado que podrán operarse, llegando a cifras de mortalidad por causa anestésica bajísimas.Los anestesiólogos administran diferentes tipos de anestesia: desde la vigilancia del paciente despierto o con diversos grados de sedación, sin anestesia o con anestesia local, hasta la realización de variados tipos de bloqueos periféricos, bloqueos neuroaxiales o diferentes tipos de anestesia general (inhalatoria, endovenosa total o una mezcla de ambas.La actividad del anestesiólogo se ha extendido a muchas actividades fuera del pabellón quirúrgico, especialmente a procedimientos radiológicos, hemodinámicos, oncológicos, endoscópicos y dentales.Con el tiempo, se han desarrollado algunas subespecialidades en la anestesiología: cuidados intensivos, dolor crónico, anestesia pediátrica, anestesia cardiovascular, anestesia obstétrica, cuidados paliativos anestesia regional. Algunas actividades de la medicina los anestesiólogos las comparten con otros especialistas. Las más comunes son la medicina intensiva, el manejo del dolor crónico y los cuidados paliativos.Otra especialidad multidisciplina, que está surgiendo e instalándose en la medicina moderna es la medicina perioperatoria. La mayoría de los anestesiólogos practican en cierto grado la medicina perioperatoria y constituye probablemente el futuro de la anestesia, si es que nuestra especialidad desea prosperar. SUMMARY: Anesthesiology is the branch of medicine dedicated to relieve pain and total patient care before, during and after a surgical procedure. It is one of the medical specialties that has advanced

  16. Historia de la Anestesia en Colombia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Efraím Otero-Ruiz

    2000-08-01

    Full Text Available

    Con el patrocinio de la Sociedad Colombiana de Anestesiología y Reanimación (SCARE y pulcramente editado por Gente Nueva Editorial, en Julio de 1999 ha publicado el Académico Jaime Herrera Pontón su volumen “Historia de la Anestesia en Colombia“, aparecido justamente con motivo de los 50 años de fundación de dicha Sociedad.

    El volumen, de pasta dura y de 300 páginas, con prólogo de Luis Duque Gómez, Presidente de la Academia Colombiana de Historia e ilustrado con numerosas fotografías, está dividido en 14 capítulos y 3 apéndices, precedidos de una introducción a cargo del autor.

    Los 4 primeros capítulos, desde la conquista y la colonia hasta los primeros decenios de nuestra república, describen las primeras plantas sedantes y analgésicas nativas lo mismo que los primeros venenos paralizantes empleados por nuestros aborígenes, el opio empleado como profundo analgésico en nuestras guerras emancipadoras y la creación de los primeros programas de estudios médicos en Colombia. De ahí arrancan dos extensos capítulos, pivotales en el desarrollo de esta historia: el 50., titulado “El siglo XIX desde la primera demostración del éter” y el 60. “El siglo XX hasta la creación de la Sociedad Colombiana de Anestesia”. En ellos se describen de manera más o menos suscinta los primeros esfuerzos para diferenciar las técnicas anestésicas de las quirúrgicas propiamente dichas y el lento pero prodigioso esfuerzo por hacer de la anestesiología una especialidad médica, fenómeno que no sucede hasta bien entradas la 4a. y 5a. décadas del pasado siglo. Esos primeros cien años, como sucede en el resto del mundo occidental, estarán dominados por el éter y el cloroformo en método abierto ya que otros agentes, como el etileno y el ciclopropano, apenas comienzan a llegar en vísperas de la lIa. Guerra Mundial, lo mismo que los primeros aparatos de circuito cerrado, la inducción por barbitúricos intravenosos y

  17. Anestesia em paciente com síndrome de Gilbert: relato de caso Anestesia en paciente con síndrome de Gilbert: relato de caso Anesthesia in a patient with Gilbert's syndrome: case report

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabiano Timbó Barbosa

    2004-06-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A síndrome de Gilbert é uma doença crônica benigna, a qual leva à icterícia recorrente com grande aumento da bilirrubina não conjugada, que pode levar à toxicidade após o uso de medicações utilizadas na prática diária. O objetivo deste relato é descrever a conduta anestésica em uma paciente com síndrome de Gilbert, submetida à cirurgia videolaparoscópica. RELATO DO CASO: Paciente do sexo feminino, com 22 anos, portadora da síndrome de Gilbert, submetida à cirurgia videolaparoscópica sob anestesia geral com propofol, alfentanil, succinilcolina, atracúrio e isoflurano. Não houve sinais de toxicidade durante a anestesia. A paciente apresentou recuperação pós-operatória sem intercorrências e recebeu alta hospitalar após três dias. CONCLUSÕES: O paciente portador da síndrome de Gilbert pode ser submetido à anestesia geral de forma segura sem o aparecimento de toxicidade desde que sejam evitados os fatores que possam levar à diminuição da atividade da glicuroniltransferase.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: La síndrome de Gilbert es una enfermedad crónica benigna la cual lleva a la ictericia recurrente con grande aumento de la bilirrubina no conjugada, que puede llevar a la toxicidad después del uso de medicamentos utilizadas en la práctica diaria. El objetivo de este relato es describir la conducta anestésica en una paciente con síndrome de Gilbert, sometida a cirugía videolaparoscópica. RELATO DEL CASO: Paciente del sexo femenino, con 22 años, portadora de la síndrome de Gilbert fue sometida a cirugía videolaparoscópica bajo anestesia general con propofol, alfentanil, succinilcolina, atracúrio e isoflurano. No hubo señales de toxicidad durante la anestesia. La paciente presentó recuperación pós-operatoria sin intercurrencias y recibió alta hospitalar después de tres días. CONCLUSIONES: El paciente portador del síndrome de Gilbert puede ser sometido a la anestesia general de

  18. Anestesia e o usuário de Ecstasy Anestesia y el usuario de Ecstasy Anesthesia and the Ecstasy user

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eduardo Toshiyuki Moro

    2006-04-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Nos últimos anos o número de novos usuários de agentes ilícitos tem aumentado de forma significativa em todo o mundo. A maconha e a cocaína, além do álcool e do tabaco, têm sido os agentes citados com freqüência, porém houve um aumento significativo de usuários de outros agentes psicoestimulantes ou alucinógenos, como o Ecstasy, o GHB, o LSD e a metanfetamina, empregados com o objetivo de intensificar as experiências sociais. O objetivo do presente artigo foi discutir a apresentação clínica, os efeitos deletérios e as potenciais interações com o ato anestésico no paciente cirúrgico usuário desses agentes ilícitos. CONTEÚDO: O artigo discute os mecanismos de ação, a apresentação clínica, os efeitos deletérios e as possíveis repercussões observadas durante a anestesia no usuário de MDMA (3,4-metilenodioximetanfetamina, também conhecido como Ecstasy. CONCLUSÕES: A apresentação clínica e os efeitos deletérios provocados pelo 3,4-metilenodioximetanfetamina (Ecstasy, assim como potenciais interações com o ato anestésico devem ser do conhecimento do anestesiologista, pois em muitas situações esses usuários serão submetidos a intervenções cirúrgicas de emergência, ou mesmo eletivas.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: En los últimos años el número de nuevos usuarios de drogas ilícitas ha aumentado de forma significativa en todo el mundo. La marihuana y la cocaína, además del alcohol y del tabaco, han sido las drogas citadas frecuentemente, sin embargo, hubo un aumento significativo de usuarios de otros agentes psicoestimulantes o alucinógenos, como el Ecstasy, el GHB, el LSD y la metanfetamina, empleados con el objetivo de intensificar las experiencias sociales. El objetivo del presente artículo fue el de traer a colación la presentación clínica, los efectos destructivos y las potenciales interacciones con el acto anestésico en el paciente quirúrgico usuario de esas drogas

  19. Anestesia do pirarucu por aspersão direta nas brânquias do eugenol em solução aquosa

    OpenAIRE

    Honczaryk,Alexandre; Inoue,Luís Antonio Kioshi Aoki

    2009-01-01

    O pirarucu (Arapaima gigas) é um peixe que vem ganhando importância cada vez maior na piscicultura comercial na Amazônia. No entanto, por ser um animal de grande porte, no campo, é comum o relato de acidentes envolvendo pancadas violentas em técnicos durante o manejo. Desse modo, é imperativa a anestesia desses animais. Todavia, para a espécie em discussão, a realização de banhos anestésicos, muitas vezes, não é possível devido ao tamanho do animal e ao risco de afogamento do peixe pulmonado....

  20. Espondilite anquilosante e anestesia Espondilitis anquilosante y anestesia Ankylosing spondylitis and anesthesia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Rogério Degrandi Oliveira

    2007-04-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A espondilite anquilosante (EA é uma doença inflamatória crônica das articulações, incluída no grupo das espondiloartropatias soronegativas. A característica principal dessa doença é a fusão óssea da coluna vertebral que leva à perda permanente da flexibilidade do dorso e do pescoço. Outras grandes articulações e tecidos conectivos poderão estar afetados pelo processo inflamatório. A EA acomete principalmente homens entre 20 e 40 anos; é rara após os 50 anos. As mulheres correspondem somente à minoria de pacientes. Há pouca informação sobre a EA na literatura anestésica. O objetivo deste artigo foi revisar aspectos da EA de interesse para o anestesiologista, permitindo um adequado manuseio perioperatório. CONTEÚDO: Estão definidas as características da espondilite anquilosante quanto à clínica e a conduta anestésica. CONCLUSÕES: Os pacientes com doenças crônicas da coluna vertebral apresentam desafios específicos para o anestesiologista. O manuseio da via aérea e o acesso ao neuroeixo poderão ser difíceis. Preferência tem sido dada à anestesia geral, mesmo com via aérea difícil reconhecida, evitando-se a anestesia no neuroeixo. O grau de envolvimento da coluna cervical determinará o quanto poderá ser difícil a intubação traqueal. Cuidado especial deve ser tomado para evitar a manipulação excessiva da coluna cervical, que poderia levar ao trauma da medula espinhal.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: La espondilitis anquilosante (EA es una enfermedad inflamatoria crónica de las articulaciones, incluida en el grupo de las espondiloartropatías soronegativas. La característica principal de esa enfermedad es la fusión ósea de la columna vertebral que conlleva a la pérdida permanente de la flexibilidad del dorso y del cuello. Otras grandes articulaciones y tejidos conectivos podrán estar afectados por el proceso inflamatorio. La EA acomete principalmente a hombres entre los 20 y

  1. Aplicação do monitor Narcotrend® para avaliar a profundidade da anestesia em crianças submetidas à cirurgia cardíaca: estudo prospectivo e controlado

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Yiyan Jiang

    2013-06-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Investigar a eficácia clínica, segurança e viabilidade do monitor Narcotrend® para avaliar a profundidade da anestesia em crianças com doença cardíaca congênita (DCC submetidas à cirurgia cardíaca. MÉTODOS: Foram randomicamente selecionadas 80 crianças submetidas à anestesia geral em cirurgia seletiva. As crianças foram divididas em dois grupos de forma aleatória (n = 40 por grupo. No grupo Narcotrend, a profundidade da anestesia foi monitorada com o Narcotrend. No grupo padrão, a profundidade da anestesia foi controlada de acordo com a experiência clínica. A pressão arterial média (PAM e a frequência cardíaca (FC foram determinadas e a dose de fentanil e relaxante muscular e os tempos de recuperação e de extubação foram registrados. RESULTADOS: Em ambos os grupos, os sinais vitais apresentaram-se estáveis durante a cirurgia. No grupo Narcotrend, a PAM e a FC foram mais estáveis, a dose total de fentanil e relaxante muscular significativamente menor e os tempos de recuperação e extubação acentuadamente mais reduzidos em comparação com o grupo padrão. CONCLUSÃO: A aplicação do monitor Narcotrend para medir a profundidade da anestesia foi útil para controlar a profundidade da anestesia em crianças com DCC que receberam anestesia intravenosa total, na qual uma pequena quantidade de narcóticos pode obter a anestesia ideal. Além disso, os tempos de recuperação e extubação foram menores e os efeitos secundários, como sensibilização intraoperatória, puderam ser evitados.

  2. Anestesia epidural na cirurgia descompressiva lombossacral de cães

    OpenAIRE

    Tudury,E.A.; T.H.T. Fernandes; Figueiredo,M.L.; B.M. Araújo; M.A. Bonelli; Silva,A.C.; Santos,C.R.O.

    2014-01-01

    Objetivou-se avaliar viabilidade, eficácia, vantagens e desvantagens da anestesia epidural lombossacral, junto à anestesia geral inalatória, em cirurgias de descompressão da cauda equina, tendo em vista que essas cirurgias são procedimentos longos e dolorosos. Para isso, foram utilizados 11 cães adultos com sinais clínicos de síndrome da cauda equina, que foram submetidos à anestesia geral inalatória e deixados no estágio anestésico mais superficial. Depois, realizou-se a anestesia epidural e...

  3. Índice de mortalidade durante procedimentos anestésicos: estudo retrospectivo (1996-2006)

    OpenAIRE

    Corrêa, André Luís; Oleskovicz,Nilson; Moraes,Aury Nunes de

    2009-01-01

    O objetivo deste estudo é reportar a incidência de óbitos anestésico-cirúrgicos durante um período de 11 anos (1996-2006), no qual não eram realizados exames complementares e/ou laboratoriais previamente ao encaminhamento para anestesia. Dessa forma, realizou-se um estudo retrospectivo, avaliando-se as fichas anestésicas utilizadas durante os procedimentos realizados no Hospital de Clínica Veterinária (HCV) da Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC). Analisaram-se 7.012 procedimentos...

  4. Síndrome de Turner e anestesia Síndrome de turner y anestesia Turner syndrome and anesthesia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcius Vinícius M. Maranhão

    2008-02-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A síndrome de Turner é uma anormalidade genética freqüente e complexa, que afeta mulheres e está associada a uma grande variedade de alterações anatômicas e fisiológicas, em especial relacionadas com as vias aéreas e o sistema cardiovascular. Foi objetivo deste artigo fazer uma revisão das alterações anatomofisiológicas da síndrome de Turner de maior interesse para o anestesiologista, discutir o manuseio perioperatório e fazer uma revisão da literatura a respeito da conduta anestésica nesses pacientes. CONTEÚDO: A síndrome de Turner é uma doença genética caracterizada por anormalidade no número ou morfologia do cromossomo sexual. Com mais freqüência o cromossomo sexual é ausente, resultando em cariótipo 45,X e um fenótipo de disgenesia gonadal. As principais alterações anatomofisiológicas de interesse para o anestesiologista incluem pescoço curto e hipoplasias maxilar e mandibular, o que pode provocar uma via aérea difícil. O menor comprimento da traquéia, bem como sua bifurcação mais superior, pode facilitar a intubação endobrônquica e extubação traqueal acidental quando houver tração da cânula traqueal. Cardiopatias, doenças endócrinas e gastrintestinais, alterações hepáticas e renais, comprometimento osteoarticular, bem como alterações oftálmicas e auditivas, são freqüentes, devendo ser detectados durante a avaliação pré-anestésica. As técnicas de anestesia geral ou regional parecem ser seguras nesse tipo de paciente. CONCLUSÕES: A síndrome de Turner é uma anormalidade genética que apresenta importantes alterações anatomofisiológicas de interesse para o anestesiologista. O conhecimento dessas alterações permite manuseio anestésico seguro com baixa morbimortalidade perioperatória.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: El síndrome de Turner es una anormalidad genética frecuente y compleja que afecta a las mujeres y que está asociada a una gran variedad de

  5. Historia de la anestesia en las cardiopatías congénitas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lincoln de la Parte Pérez

    2004-12-01

    Full Text Available Se presenta una revisión bibliográfica actualizada sobre la historia de la anestesia cardiovascular pediátrica a nivel internacional y el desarrollo alcanzado en nuestro medio, donde se evidencia que los anestesiólogos cubanos hemos respondido durante las dos últimas décadas, al reto de introducir en nuestro medio las modernas técnicas anestésicas y de manejo posoperatorio, que permiten a los cirujanos realizar las complejas técnicas quirúrgicas que se introducen continuamente en nuestro país para el tratamiento de las cardiopatías congénitas.An updated bibliographic review is presented on the history of pediatric cardiovascular anesthesia at the international level and the development attained in our setting, where it is evidenced that the Cuban anesthesiologists have faced during the last two decades the challenge of introducing into our environment the modern anesthetic and postoperative management techniques allowing surgeons to perform complex surgical techniques that are continously applied in our country for treating congenital heart diseases.

  6. Paresia transitória unilateral combinada do nervo hipoglosso e do nervo lingual após intubação para anestesia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hulya Ulusoy

    2014-04-01

    Full Text Available Lesões de nervos podem ocorrer na região faringolaríngea durante a anestesia geral. Os nervos mais comumente lesionados são o hipoglosso, lingual e laríngeo recorrente. As lesões podem surgir em decorrência de vários fatores, como, por exemplo, durante a laringoscopia, intubação endotraqueal e inserção de tubo e por pressão do balão, ventilação com máscara, manobra aérea tripla, via aérea orofaríngea, modo de inserção do tubo, posição da cabeça e do pescoço e aspiração. As lesões nervosas nessa região podem acometer um único nervo isolado ou causar a paralisia de dois nervos em conjunto, como a do nervo laríngeo recorrente e hipoglosso (síndrome de Tapia. No entanto, a lesão combinada dos nervos lingual e hipoglosso após intubação para anestesia é uma condição muito mais rara. O risco dessa lesão pode ser reduzido por meio de medidas preventivas. Descrevemos um caso de paresia unilateral combinada dos nervos hipoglosso e lingual após intubação para anestesia.

  7. Anestesia para cirurgia ortopédica em criança com susceptibilidade à hipertermia maligna: relato de caso Anestesia para cirugía ortopédica en niño con susceptibilidad a la hipertermia maligna: relato de caso Anesthesia for orthopedic surgery in a child susceptible to malignant hyperthermia: case report

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renato Santiago Gomez

    2003-02-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Hipertermia maligna é uma miopatia autossômica dominante desencadeada por anestésicos inalatórios e bloqueadores neuromusculares, como halotano e succinilcolina, causando aumento da temperatura que pode ser fatal sem o tratamento imediato. O objetivo deste relato é descrever a conduta anestésica em uma criança susceptível à hipertermia maligna que foi submetida a procedimento cirúrgico ortopédico. RELATO DO CASO: Paciente do sexo feminino, com 3 anos, portadora de luxação congênita do quadril e susceptibilidade à hipertermia maligna, conforme história de anestesia anterior, foi submetida à correção cirúrgica ortopédica sob anestesia geral, com propofol e fentanil, associada à anestesia peridural lombar. A temperatura da paciente foi monitorizada continuamente durante a cirurgia e no período pós-operatório. A paciente apresentou recuperação pós-operatória sem intercorrências e recebeu alta hospitalar após cinco dias. CONCLUSÕES: A combinação de anestesia regional e venosa para o procedimento cirúrgico proposto em paciente com susceptibilidade à hipertermia maligna permitiu a condução anestésica com segurança.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: Hipertermia maligna es una miopatia autosómica dominante desencadenada por anestésicos inhalatorios y bloqueadores neuromusculares, como halotano y succinilcolina, causando aumento de la temperatura que puede ser fatal sin el tratamiento inmediato. El objetivo de este relato es describir la conducta anestésica en un niño susceptible a la hipertermia maligna que fue sometida a procedimiento quirúrgico ortopédico. RELATO DEL CASO: Niño, del sexo femenino, con 3 años, portadora de luxación congénita del cuadril (anca y susceptibilidad a la hipertermia maligna, conforme historia de anestesia anterior, fue sometida a la corrección quirúrgica ortopédica bajo anestesia general, con propofol y fentanil, asociada a anestesia peridural lumbar. La

  8. Anestesia tópica asociada a la técnica de faco - prechop Topical anestesia associated to phaco-prechop technique

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juan Raúl Hernández Silva

    2010-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Describir los resultados encontrados en pacientes operados de catarata por faco-prechop con el uso de la anestesia tópica. MÉTODOS: Se realizó un estudio observacional descriptivo prospectivo, de 30 ojos (19 pacientes atendidos en el Centro de Microcirugía Ocular del Instituto Cubano de Oftalmología «Ramón Pando Ferrer» operados de catarata mediante Facoemulsificación por técnica de prechop, en los cuales se utilizó anestesia tópica durante la cirugía en el período comprendido de julio a septiembre de 2009. A los mismos se les realizó microscopía endotelial antes y después de la cirugía con el objetivo de determinar las modificaciones en la densidad celular. Se evaluó la presencia de dolor, así como el confort del cirujano en una escala de satisfacción. Se analizaron las variables edad, promedio celular, dolor, confort del cirujano y mejor agudeza visual corregida pre y posoperatoria. La información se procesó a través de frecuencias absolutas, relativas, media y prueba T de Student. RESULTADOS: La edad media de los pacientes fue de 62 años con un mínimo de 46 y un máximo de 94. La pérdida celular fue mínima. Un escaso número de pacientes manifestó dolor en algún momento de la cirugía, por lo que el confort del cirujano no se afectó de manera significativa durante el acto quirúrgico. Se encontró una ganancia visual de cinco líneas en la escala de Snellen. CONCLUSIONES: Los anestésicos tópicos en la cirugía de catarata evidenciaron ser de muy buena utilidad en nuestra técnica, lo cual no nos llevó al uso de otras vías anestésicas más invasivas para los pacientes.OBJECTIVE: To describe the results found in patients operated from cataract by the Phaco-Prechop technique using the topical anesthesia. METHODS: A prospective, observational and descriptive study was performed in 30 eyes (19 patients, seen at the Center of Ocular Microsurgery of "Ramón Pando Ferrer" Cuban Institute of Ophthalmology

  9. Anestesia para mielografia em cães Anesthesia for myelography in dogs

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alessandra Valeiro Leite

    2002-08-01

    Full Text Available Com este texto, objetiva-se fornecer ao profissional de Medicina Veterinária subsídios para a realização de mielografia para o qual é necessário submeter o animal À anestesia geral. Este exame não é um procedimento inócuo, pois várias reações adversas podem ocorrer durante e após sua realização. O conhecimento da farmacodinâmica dos agentes anestésicos é de fundamental importância para o Médico Veterinário escolher associações que proporcionem segurança e minimizem as complicações advindas da técnica. Uma série de cuidados no período pré-anestésico, a escolha de associações de fármacos adequada e o monitoramento do animal durante e após a mielografia proporcionarão aos pacientes uma maior segurança no procedimento.The aim of this work was to supply the Veterinarian professional with information regarding to the execution of a mielography, which requires general anesthesia. This exam is not harmless and several adverse reactions may occur during and after its realization. The knowledge of the anesthetics pharmacodynamic is essential in order to select the associations that could provide safety and minimize the myelography complications. Some procedures in the preanesthetic period, the selection of the appropriate anesthetic agents and monitoring the animal during and after the myelography will provide major safety to this exam.

  10. Influência da anestesia venosa total, entropia e laparoscopia sobre o estresse oxidativo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rogean Rodrigues Nunes

    2012-08-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Estudos recentes correlacionam mortalidade pós-operatória e anestésica, especialmente a profundidade anestésica e pressão arterial sistólica (PAS. O objetivo deste estudo foi avaliar os efeitos da profundidade da anestesia venosa total (AVT realizada com remifentanil e propofol com monitoração da entropia de resposta (RE sobre as concentrações sanguíneas dos marcadores do estresse oxidativo: TBARS e glutationa, durante operações pelo acesso vídeolaparoscópico. MÉTODO: Vinte pacientes adultas, ASA I, IMC 20-26 kg.m-2, idades entre 20 e 40 anos, foram aleatoriamente distribuidas em dois grupos iguais: Grupo I - submetidas a procedimento anestésico-cirúrgico com RE mantida entre 45 e 59 e Grupo II - submetidas a procedimento anestésico-cirúrgico com RE entre 30 e 44. Em ambos os grupos, a infusão de remifentanil e propofol foi controlada pelo sitio efetor (Se, ajustados para manter RE nos valores desejados (Grupos I e II e avaliando-se sempre a taxa de supressão (TS. As pacientes foram avaliadas em seis momentos: M1(imediatamente antes da indução anestésica, M2 (antes da intubação traqueal [IT], M3 (5 minutos após IT, M4 (imediatamente antes do pneumoperitônio-PPT, M5 (1 minuto após o PPT e M6 (uma hora após a operação. Em todos os momentos foram avaliados os seguintes parâmetros: PAS, PAD, FC, RE, TS, TBARS e glutationa. RESULTADOS: Observaram-se aumentos no TBARS e glutationa em M5, tanto no Grupo I como no Grupo II (p GI em M5 - p < 0,05% sugerem interferência de mais um fator (anestesia profunda, como responsável pelo aumento no MA, provavelmente como resultados de maior depressão do sistema nervoso autônomo e menor autorregulação esplâncnica.

  11. Dexmedetomidina: papel atual em anestesia e cuidados intensivos

    OpenAIRE

    Afonso, Joana; Reis, Flávio

    2012-01-01

    JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Atualizar e rever a aplicação da dexmedetomidina em anestesia e cuidados intensivos. Este trabalho é uma revisão abrangente dos usos clínicos, farmacologia, farmacocinética, mecanismo de ação e efeitos adversos da dexmedetomidina. CONTEÚDO: O uso efetivo de agentes sedativo-hipnóticos e analgésicos é parte integral do conforto e segurança dos pacientes. A dexmedetomidina é um potente e altamente seletivo agonista dos adrenoceptores α-2 com propriedades simpaticolíti...

  12. Dexmedetomidina: papel atual em anestesia e cuidados intensivos

    OpenAIRE

    Afonso,Joana; Reis,Flávio

    2012-01-01

    JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Atualizar e rever a aplicação da dexmedetomidina em anestesia e cuidados intensivos. Este trabalho é uma revisão abrangente dos usos clínicos, farmacologia, farmacocinética, mecanismo de ação e efeitos adversos da dexmedetomidina. CONTEÚDO: O uso efetivo de agentes sedativo-hipnóticos e analgésicos é parte integral do conforto e segurança dos pacientes. A dexmedetomidina é um potente e altamente seletivo agonista dos adrenoceptores α-2 com propriedades simpatic...

  13. Anesthetic experimental device for small animal Aparelho de anestesia experimental para animais de pequeno porte

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Alfredo de Magalhães Vivas

    2007-06-01

    ésica, as alterações do ritmo ventilatório durante o tempo de manutenção anestésica (pré-estabelecido em 10 min e o tempo de recuperação anestésica. O aparelho foi construído com dispositivos técnicos novos sobressaindo: o vaporizador, a válvula unidirecional na campânula, o cilindro de vidro com água, o tubo direcionador de fluxo em forma de Y, os reguladores de fluxo, as modificações na máscara e a entrada de ar, independente, para situações emergenciais. RESULTADOS: O aparelho permitiu um fácil manuseio e propiciou uma maior segurança e estabilidade na indução e manutenção anestésicas possibilitando, inclusive, a utilização de vários agentes anestésicos. CONCLUSÃO: O aparelho demonstrou ser útil para anestesia em cirurgia experimental, facilitando a realização dos procedimentos de pesquisa e de ensino de forma mais prática, eficiente, segura, e com baixo custo.

  14. Variação da pressão sistólica como indicadora precoce de hipovolemia e guia de reposição volêmica com solução hiperosmótica e hiperoncótica no cão Variación de la presión sistólica como indicadora precoz de hipovolemia y guía de reposición volemica con solución hiperosmótica e hiperoncótica en el perro Systolic pressure variation as an earlier hypovolemia indicator and a guide for volume replacement with hypertonic and hyperoncotic solution in dogs

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Odilar de Paiva Filho

    2003-06-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Estudos introduziram novo método para avaliação da pré-carga, baseado na análise da variação da pressão sistólica (VPS durante ventilação artificial. O objetivo desta pesquisa é avaliar se a VPS e sua derivada delta down (ddown são indicadoras precoces de hipovolemia e guias de reposição volêmica com solução hiperosmótica e hiperoncótica. MÉTODO: Doze cães foram submetidos a sangramentos parciais de 5% da volemia até se atingir 20% da volemia (14 ml.kg-1. Antes (controle e após cada sangramento foram realizadas análises hemodinâmicas, respiratórias e sangüíneas. Após, os cães foram submetidos à reposição com solução de NaCl a 7,5% em dextran 70 a 3,75% (SHD (4 ml.kg-1 e novas análises dos atributos estudados foram realizadas aos 5 e 30 minutos após a reposição. RESULTADOS: A pressão arterial média diminuiu durante o sangramento e aumentou após a reposição, sem retornar aos valores do controle. As pressões da artéria pulmonar e do átrio direito (PAD diminuíram antes e aumentaram após a reposição para valores semelhantes aos do controle. A pressão da artéria pulmonar ocluída (PAPO diminuiu após o primeiro sangramento e manteve-se em valores abaixo aos do controle, mesmo após a reposição. O índice cardíaco não se alterou, mas aumentou após a reposição, para valores superiores aos do controle. O índice sistólico (IS diminuiu antes e aumentou após a reposição, em níveis superiores aos do controle. Os índices de resistência vascular sistêmica (IRVS e pulmonar (IRVP não se alteraram antes, mas diminuíram após a reposição, com o IRVS em níveis inferiores aos do controle, e o IRVP em níveis semelhantes aos do controle. Os índices de trabalho sistólico dos ventrículos direito (ITSVD e esquerdo (ITSVE diminuíram durante o sangramento, mas aumentaram após a reposição, com o ITSVD em níveis superiores aos do controle e o ITSVE em n

  15. Padronização da anestesia em suínos para procedimentos cirúrgicos cardiovasculares experimentais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Glaucylara Reis Geovanini

    2008-08-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVO: Embora sejam os cães os animais mais utilizados em Cirurgia Experimental, nota-se crescente utilização de ovinos, bovinos e suínos como modelos para experimentação científica. Assim, faz-se necessário maior aprendizado de seu tratamento e padronizações básicas para os procedimentos cirúrgicos mais complexos em suínos. O objetivo foi avaliar a sedação e analgesia, obtidas pela injeção intramuscular de midazolam e cetamina e anestesia local com lidocaína a 2% sem vasoconstritor, na realização de traqueostomia, dissecção de artéria e veia femorais. MÉTODO: A freqüência cardíaca e o reflexo córneo-palpebral foram avaliados logo no início da sedação, durante os procedimentos cirúrgicos descritos e após seu término. Foram utilizados oito suínos fornecidos por fazendas locais sem tratamento prévio da raça Large White, com peso de 35 a 42 quilos que receberam injeção intramuscular de 22 mg.kg-1 de cetamina e 0,3 mg.kg-1 de midazolam. RESULTADOS: A abordagem anestésica nesses animais, de difíceis intubação e acesso aos vasos profundos, provou ser segura para sedação e analgesia através do método utilizado: acesso intramuscular. CONCLUSÃO: Obteve-se adequado plano de anestesia para o procedimento proposto.

  16. Anestesia regional para cirugía cardiovascular pediátrica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lincoln de la Parte Pérez

    2004-03-01

    Full Text Available Durante los últimos años se han publicado numerosos artículos sobre el uso de anestesia espinal y peridural asociada a la anestesia general, en niños sometidos a operaciones cardiovasculares. El uso de esta técnica produce una disminución significativa de la respuesta de estrés que se observa durante y después de las operaciones cardiovasculares y que es particularmente intensa en recién nacidos y lactantes. Adicionalmente produce una mejor función pulmonar, mayor estabilidad hemodinámica, posibilidad de extubación precoz, excelente analgesia posoperatoria y una menor estadía en la sala de recuperación anestésica. Las complicaciones más importantes asociadas a su uso son la hipotensión arterial, la depresión respiratoria y el hematoma epidural. Las contraindicaciones más importantes para la realización de estas técnicas incluyen la presencia de cianosis, policitemia, coagulopatía preexistente y en los lactantes menores de 6 meses. Existe además un dilema ético importante relacionado con su uso. Por una parte es cierto que pueden obtenerse un grupo de ventajas, que también podrían lograrse con la aplicación de otras técnicas encaminadas a la extubación precoz (Fast track cardiac anesthesia y por la otra, existe siempre el peligro latente de sangramiento y de formación de un hematoma epidural. Se realiza una revisión bibliográfica sobre las diferentes técnicas utilizadas.Several articles have been published on the use of spinal and epidural anesthesia associated with general anesthesia in children undergoing cardiovascular surgery. The use of this technique causes a significant decrease of the stress response observed during and after cardiovascular surgery and that is particularly intense in newborns and infants. Besides, it produces a better pulmonary function, a longer hemodynamic stability, the possibility of fast track cardiac anesthesia, an excellent postoperative analgesia and a shorter stay in the

  17. ANESTESIA EM EQÜINOS COM DETOMIDINA E TILETAMINA-ZOLAZEPAM

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cláudio Corrêa Natalini

    1994-01-01

    Full Text Available RESUMO Seis eqüinos foram anestesiados, via intravenosa, com o cloridrato de detomidina 1% (0,03mg/kg, associado à combinação tiletamina-zolazepam 5% (1mg/kg. Foram registrados o tempo para obtenção do decúbito lateral e o tempo para retorno à posição de estação. As freqüências cardíaca e respiratória, a temperatura retal, os vaiores arteriais de pH, PCO2, PO2, HCO3, excesso de bases e SATO2, foram analisados no período anterior à sedação (valor basal, durante a anestesia e ao retorno à posição de estação. Dois eqüinos foram submetidos a procedimentos cirúrgicos. O tempo médio para a obtenção do decúbito lateral foi de 53,80 ± 9,06 segundos. O período médio em decúbito lateral foi de 28,50 ± 5,05 minutos e o tempo para retorno à estação foi de 39,16 ± 4,59 minutos. A análise hemogasométrica arterial revelou a ocorrência de hipoxemia no período anestésico. As freqüências cardíaca, respiratória e temperatura retal mantiveram-se estáveis no período estudado.

  18. Usos do sulfato de magnésio em obstetrícia e em anestesia Usos del sulfato de magnesio en obstetricia y en anestesia Applications of Magnesium Sulfate in Obstetrics and Anesthesia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabiano Timbó Barbosa

    2010-02-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: O magnésio é um íon predominantemente intracelular. Seu efeito bloqueador do receptor NMDA lhe confere características analgésicas e sedativas. O objetivo desse artigo foi revisar a fisiologia, a farmacologia e a diminuição da concentração plasmática do magnésio, assim como algumas das suas aplicações em obstetrícia e em anestesia. CONTEÚDO: O magnésio é um cátion intracelular que possui múltiplas funções: é cofator de enzimas do metabolismo glicídico e de enzimas da degradação dos ácidos nucleicos, proteínas e ácidos graxos; regula a passagem de íons transmembrana e intervém na atividade de várias enzimas. O paciente em estado crítico apresenta tendência à hipomagnesemia e o tratamento consiste em corrigir a causa quando possível acompanhada da reposição do magnésio. Já foi demonstrada a redução da concentração alveolar m��nima (CAM dos agentes inalatórios em animais e do uso de opioides em humanos sob anestesia. CONCLUSÕES: O sulfato de magnésio vem sendo utilizado em obstetrícia com boa efetividade para inibição do trabalho de parto prematuro e para o tratamento das crises convulsivas associadas ao quadro de eclâmpsia. É um fármaco com potencial analgésico e sedativo que pode ser utilizado como coadjuvante durante a anestesia geral atenuando a resposta pressórica à intubação traqueal e diminuindo a necessidade de anestésicos.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: El magnesio es un ión predominantemente intracelular. Su efecto bloqueador del receptor NMDA le confiere características analgésicas y sedativas. El objetivo de este artículo, fue revisar la fisiología, la farmacología y la disminución de la concentración plasmática del magnesio, como también de algunas de sus aplicaciones en obstetricia y en anestesia. CONTENIDO: El magnesio es un catión intracelular que posee múltiples funciones: es cofactor de enzimas del metabolismo glicídico y de enzimas de

  19. Anestesia em paciente com insensibilidade congênita a dor e anidrose Anestesia en paciente con insensibilidad congénita al dolor y anhidrosis Anesthesia in a patient with congenital insensitivity to pain and anhidrosis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Rogério Degrandi Oliveira

    2009-10-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A insensibilidade congênita a dor e anidrose (ICDA ou neuropatia hereditária sensorial e autonômica tipo IV (NHSA tipo IV é neuropatia autossômica recessiva rara do grupo das neuropatias hereditárias sensoriais e autonômicas (NHSA, caracterizada por insensibilidade ao estímulo doloroso, anidrose e retardo mental. Existem poucos relatos sobre a conduta anestésica em pacientes com ICDA devido sua extrema raridade. O objetivo deste relato foi apresentar a conduta anestésica em paciente com ICDA submetida à artrodese de tornozelo esquerdo com colocação de haste e discutir as características de interesse para a anestesia nestes pacientes. RELATO DO CASO: Paciente com história de ICDA foi admitida para artrodese de tornozelo esquerdo devido à artropatia de Charcot. Na sala de operação foi monitorizada com eletrocardiógrafo, índice bispectral, SEF 95%, pressão arterial não invasiva e saturação periférica da hemoglobina, medicada com midazolam como pré-anestésico e submetida à anestesia venosa com propofol e cisatracúrio. Não houve a necessidade de administração de analgésicos. Após intubação traqueal, foi acrescentada monitorização da pressão expiratória final do gás carbônico e da temperatura esofágica. Não apresentou complicações no período perioperatório. Teve alta hospitalar no segundo dia de pós-operatório. CONCLUSÕES: Embora apresentem insensibilidade à dor, alguns pacientes apresentam hiperestesia tátil, o que poderia causar sensações desagradáveis durante a manipulação cirúrgica. Apesar de relatos na literatura de pacientes submetidos a bloqueios no neuroeixo e até mesmo a procedimentos sem anestesia, neste caso utilizou-se a anestesia venosa que proporcionou condições adequadas para o procedimento anestésico-cirúrgico.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: La falta de sensibilidad congénita al dolor y la anhidrosis (ICDA o neuropatía hereditaria sensorial y auton

  20. Avaliação de relatório eletrônico de anestesia Evaluación de informe electrónico de anestesia Evaluation of a computerized anesthesia report

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Raffael Pereira Cezar Zamper

    2010-06-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A utilização de sistemas de informação que permitem o preenchimento automático de relatórios de anestesia ainda é incipiente no Brasil. O objetivo deste estudo foi validar um sistema informatizado para elaboração de relatório de anestesia. MÉTODOS: O projeto foi aprovado pela Comissão de Ética institucional e desenvolvido em sistema de parceria empresa-universidade (Dixtal, São Paulo, Brasil e Universidade de São Paulo com financiamento da FINEP (Financiadora de Estudos e Projetos do Ministério de Ciência e Tecnologia. O projeto elaborado teve como premissa a integração ao sistema de informações hospitalares para recuperação de dados referentes à identificação, avaliação pré-operatória e resultados de exames laboratoriais. A versão final do protótipo do sistema informatizado desenvolvido foi submetida à avaliação com relação à aplicabilidade por meio de instrumento semiestruturado, aplicado a 33 médicos, residentes e/ou especialistas em Anestesiologia durante procedimentos anestésico-cirúrgicos realizados em 66 pacientes. Os dados foram avaliados descritivamente. RESULTADOS: O sistema informatizado avaliado foi considerado con fiável por 81% dos participantes, inclusive para cirurgias de grande porte. A maioria dos anestesiologistas considerou o protótipo proveitoso para a realização de pesquisas futuras e capaz de atender às necessidades de confecção de relatório de anestesia, com benefícios para anestesiologistas, pacientes e hospital. O sistema exige treinamento para uso completo e pode ser aprimorado em alguns aspectos. CONCLUSÕES: A validação desse protótipo de sistema informatizado para elaboração de relatório de anestesia mostrou a viabilidade desse tipo de solução para auxiliar os anestesiologistas em suas atividades diárias, aumentando a confiabilidade dos dados. Além disso, na avaliação da aplicabilidade, os anestesistas consideraram que o prot

  1. Anestesia en la operación de Blalock-Taussig

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lincoln de la Parte Pérez

    2001-09-01

    Full Text Available A pesar de los avances en la última década de las técnicas quirúrgicas para la reparación total de los defectos congénitos cianóticos del corazón, aún algunos pacientes necesitan procedimientos quirúrgicos paliativos durante los primeros meses de vida. Se presenta un estudio retrospectivo de 160 pacientes operados con la técnica paliativa de Blalock-Taussig, en el Cardiocentro del Hospital Pediátrico Universitario "William Soler", en el período de 1990 a 1993. Padecían de Tetralogía de Fallot 120 pacientes, 35 de atresia pulmonar y el resto 5, de transposición de los grandes vasos. El fentanyl fue el agente más utilizado en la inducción y mantenimiento de la anestesia y aportó gran estabilidad hemodinámica. Las complicaciones transoperatorias más frecuentes fueron las arritmias cardíacas (25 pacientes, 15,6 % y dentro de éstas, la mayoría extrasístoles ventriculares (18 pacientes. No hubo fallecidos durante el transoperatorio.In spite of the advances achieved by the surgical techniques for the total repair of congenital cyanotic heart defects in the last decade, some patients still need palliative surgical procedures during the first months of life. A retrospective study of 160 patients that were operated on by using Blalock-Taussig palliative technique at the Heart Center of "William Soler" Pediatric Teaching Hospital, from 1990 to 1993, was conducted. 120 patients suffered from Tetralogy of Fallot, 35 from pulmonary atresia, and the other 5 from transposition of great vessels. Fentanyl was the most used agent in the induction and maintenance of anesthesia and it produced a high hemodynamic stability. The most common transoperative complications were cardiac arrhytmias (25 patients, 15.6 % and, within them, the most were ventricular extrasystoles (18 patients. There were no deaths during the transoperative.

  2. Aplicação do monitor Narcotrend® para avaliar a profundidade da anestesia em crianças submetidas à cirurgia cardíaca: estudo prospectivo e controlado Aplicación del monitor Narcotrend® para evaluar la profundidad de la anestesia en niños sometidos a la cirugía cardíaca: estudio prospectivo y controlado Application of Narcotrend® monitor for evaluation of depth of anesthesia in infants undergoing cardiac surgery: a prospective control study

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Yiyan Jiang

    2013-06-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Investigar a eficácia clínica, segurança e viabilidade do monitor Narcotrend® para avaliar a profundidade da anestesia em crianças com doença cardíaca congênita (DCC submetidas à cirurgia cardíaca. MÉTODOS: Foram randomicamente selecionadas 80 crianças submetidas à anestesia geral em cirurgia seletiva. As crianças foram divididas em dois grupos de forma aleatória (n = 40 por grupo. No grupo Narcotrend, a profundidade da anestesia foi monitorada com o Narcotrend. No grupo padrão, a profundidade da anestesia foi controlada de acordo com a experiência clínica. A pressão arterial média (PAM e a frequência cardíaca (FC foram determinadas e a dose de fentanil e relaxante muscular e os tempos de recuperação e de extubação foram registrados. RESULTADOS: Em ambos os grupos, os sinais vitais apresentaram-se estáveis durante a cirurgia. No grupo Narcotrend, a PAM e a FC foram mais estáveis, a dose total de fentanil e relaxante muscular significativamente menor e os tempos de recuperação e extubação acentuadamente mais reduzidos em comparação com o grupo padrão. CONCLUSÃO: A aplicação do monitor Narcotrend para medir a profundidade da anestesia foi útil para controlar a profundidade da anestesia em crianças com DCC que receberam anestesia intravenosa total, na qual uma pequena quantidade de narcóticos pode obter a anestesia ideal. Além disso, os tempos de recuperação e extubação foram menores e os efeitos secundários, como sensibilização intraoperatória, puderam ser evitados.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: Investigar la eficacia clínica, la seguridad y la viabilidad del monitor Narcotrend® para evaluar la profundidad de la anestesia en niños con enfermedad cardíaca congénita (ECC sometidos a la cirugía cardíaca. MÉTODOS: Un total de 80 niños sometidos a la anestesia general en cirugía selectiva fueron seleccionados aleatoriamente. Los niños fueron divididos en dos grupos de

  3. Avaliação do perfil eletrocardiográfico pré e trans-anestesia em lobos-guará

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    W.O. Dias

    2015-12-01

    Full Text Available O presente estudo tem como objetivo avaliar o efeito da administração do Zolazepam/Tiletamina nas funções cardiorrespiratórias e eletrocardiográficas em lobos-guará (Chrysocyon brachyurus mantidos em cativeiro. Foram utilizados dez lobos-guará clinicamente saudáveis (seis machos e quatro fêmeas, com média de peso 23,5±3,5kg, e idade de 6,5±2,8 anos. Os lobos eram mantidos em cativeiro e foram capturados pelos tratadores, proporcionando o mínimo de estresse possível para avaliação dos parâmetros pré-anestésicos. Foram avaliadas frequência cardíaca e respiratória, temperatura retal, pressão arterial média e eletrocardiografia. Após coleta dos parâmetros fisiológicos e eletrocardiográficos pré-anestesia, foi administrada a dose de 5,1±0,7mg/kg de Zolazepam/Tiletamina intramuscular. Depois da anestesia, colocaram-se os eletrodos do eletrocardiograma nos membros torácicos e pélvicos. Os animais eram monitorados durante uma hora, sendo que, a cada 10 minutos, era realizado o registro dos valores eletrocardiográficos, assim como os valores dos parâmetros fisiológicos e cardiorrespiratórios. Os resultados mostraram alteração significativa na amplitude da onda P entre 10 a 50 minutos pós-anestesia. Frequência cardíaca (153±20bmp, frequência respiratória (29±6mpm, temperatura corporal (38,4±1oC, pressão arterial média (114±20mmHg e as outras variáveis eletrocardiográficas não apresentaram alterações. O aumento da amplitude da onda P nos animais deste trabalho sugeriu um aumento atrial, oriundo de doenças cardíacas ou simplesmente pelo aumento da frequência cardíaca durante a contenção.

  4. Anestesia em paciente portadora de doença de moyamoya: relato de caso Anestesia en paciente portadora de enfermedad de moyamoya: relato de caso Anesthesia in patient with moyamoya disease: case report

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriano Bechara de Souza Hobaika

    2005-06-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A doença de moyamoya é uma vasculopatia cerebral progressiva rara, mais freqüentemente diagnosticada em populações asiáticas, mas que também vem sendo identificada no Brasil. Durante a sua vida, pacientes portadores desta doença podem ser submetidos aos mais variados tipos de procedimentos cirúrgicos. O anestesiologista deve entender a fisiopatologia da doença e instituir as medidas peri-operatórias mais adequadas, no intuito de melhorar o prognóstico destes pacientes. RELATO DO CASO: Paciente do sexo feminino, 22 anos, com insuficiência renal crônica, portadora da doença de moyamoya, submetida à intervenção cirúrgica para instalação de fístula arteriovenosa. A anestesia foi induzida com fentanil, propofol e atracúrio e mantida com sevoflurano. Durante o procedimento, a paciente foi mantida em normocapnia e normotermia. A extubação foi realizada e a paciente transferida à sala de recuperação pós-anestésica sem complicações. CONCLUSÕES: Este artigo apresenta os cuidados anestésicos dispensados a uma paciente portadora da doença de moyamoya.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: La enfermedad de moyamoya es una vasculopatia cerebral progresiva rara, más frecuentemente diagnosticada en individuos asiáticos, y que también viene siendo identificada en Brasil. Durante su vida, pacientes portadores de esta enfermedad pueden ser sometidos a los más variados tipos de procedimientos quirúrgicos. El anestesiologista debe entender la fisiopatología de la enfermedad e instituir las medidas peri-operatorias más adecuadas, en el designio de mejorar el pronóstico de estos enfermos. RELATO DEL CASO: Paciente del sexo femenino, 22 años, insuficiencia renal crónica, portadora de la enfermedad de moyamoya, sometida a intervención quirúrgica para la instalación de fístula arteriovenosa. La anestesia fue inducida con fentanil, propofol y atracúrio y mantenida con sevoflurano. Durante el procedimiento

  5. Book review. Anestesia e analgesia locoregionale del cane e del gatto. Francesco Staffieri

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Manuel Graziani

    2014-03-01

    Full Text Available Il volume di anestesia e analgesia locoregionale del cane e del gatto è pensato per essere un testo "da sala operatoria" – come afferma l'autore – perché consente un rapido, ma allo stesso tempo dettagliato, consulto per il libero professionista che si trova a gestire un'anestesia. Si tratta di un piccolo libro, tascabile, che può essere considerato un punto di partenza per gli studenti e per tutti quei medici veterinari che intendono avvicinarsi in maniera specialistica all'arte dell'anestesiologia veterinaria. L'anestesia locoregionale costituisce, infatti, uno strumento insostituibile per la gestione del dolore perioperatorio in medicina veterinaria. Nel volume si forniscono le nozioni di base per praticare i principali blocchi nervosi centrali e periferici. Per ogni blocco sono riportate le tecniche alla cieca (mediante l'ausilio dei punti di repere anatomici e quelle con l'impiego dello stimolatore nervoso periferico. Il volume, corredato da immagini foto e grafici, per un totale di 65 figure, si apre con i capitoli relativi ai farmaci, agli strumenti e alle complicanze dell'anestesia locoregionale. Prosegue con i blocchi nervosi centrali (anestesia epidurale e spinale e si conclude con i blocchi periferici (testa, arto anteriore, torace, arto posteriore. L'autore, Francesco Staffieri, è un medico veterinario che svolge il dottorato di ricerca nel Dipartimento delle Emergenze e dei Trapianti di Organi, Sezioni di Cliniche Veterinarie e Produzioni Animali dell'Università degli Studi Aldo Moro di Bari.

  6. Anestesia peridural contínua com ropivacaína a 0,2% associada a anestesia geral para cirurgia do abdômen superior em crianças Anestesia peridural contínua con ropivacaína a 0,2% asociada a anestesia general para cirugía del abdomen superior en niños Continuous epidural anesthesia with 0.2% ropivacaine associated to general anesthesia for upper abdominal surgery in children

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jyrson Guilherme Klamt

    2003-04-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Técnicas anestésicas têm sido empregadas em pacientes pediátricos para vários tipos de cirurgias, apresentando entre outras vantagens, a analgesia pós-operatória. O objetivo deste estudo foi avaliar o ritmo de infusão de propofol e a recuperação pós-anestésica de crianças submetidas à cirurgia abdominal alta sob anestesia peridural torácica com ropivacaína a 0,2%, associada à anestesia geral com propofol ou propofol mais sufentanil. MÉTODO: Vinte e seis crianças ASA I, II e III, com idades entre 0 e 4 anos, submetidas à cirurgia abdominal alta foram selecionadas para anestesia peridural torácica (T7-T8 com ropivacaína a 0,2% (1,5 ml.kg-1. Foram divididas aleatoriamente em dois grupos: Propofol (infusão de propofol e Sufentanil (infusão de propofol mais sufentanil 1 µg.kg-1. Os ritmos de infusões de propofol foram de 20 e 10 mg.kg-1.h-1 nos grupos Propofol e Sufentanil, respectivamente, ajustadas de modo a manter a pressão arterial cerca de 20% dos valores pré-indução e interrompidas 10 a 15 minutos antes do final estimado da cirurgia. A recuperação pós-anestésica foi avaliada através de uma escala modificada de Aldrete-Kroulik e a sedação avaliada através de uma escala de 5 pontos. RESULTADOS: Duas crianças de cada grupo foram excluídas por problemas técnicos. O ritmo de infusão foi significativamente menor no grupo Sufentanil em relação ao grupo Propofol durante 100 minutos após o início da cirurgia. Os tempos para extubação e transferência para a sala de recuperação pós-anestésica (SRPA foram significativamente menores no grupo Propofol, porém a intensidade e a duração da sedação foram maiores nesse grupo em relação ao grupo Sufentanil. Os escores de recuperação foram similares nos dois grupos. Após 3 horas na SRPA, todos pacientes haviam atingido os critérios para transferência para as enfermarias. Hipotensão arterial transitória foi observada em 2

  7. Anestesia congênita de córnea associada à anestesia de ramo do trigêmio: relato de caso Congenital corneal anesthesia related to trigeminal anesthesia: case report

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Miguel José Calix Netto

    2005-12-01

    Full Text Available A anestesia corneana por ser uma condição rara, freqüentemente é confundida ou não diagnosticada durante o exame de rotina do segmento anterior. Relato de caso de um paciente de 18 anos encaminhado ao ambulatório de córnea e doenças externas com quadro clinico de síndrome de olho seco e com diagnóstico provável de síndrome de Sjögren. Era amblíope de olho direito devido à opacidade corneana no eixo visual secundária a trauma com unha na infância. Foi pesquisada sensibilidade corneana que era ausente em ambos os olhos; olho seco grave e com BUT (tempo de quebra do filme lacrimal menor que 4 segundos. Foi feito diagnóstico de anestesia corneana congênita associada a hipoestesia do nervo trigêmio pela avaliação neurológica da sensibilidade facial e movimentos bruscos do queixo que evidenciavam alterações sensoriais do nervo. O oftalmologista geral e principalmente o especialista em segmento anterior devem ter como rotina a pesquisa da sensibilidade corneana no exame do segmento anterior.Corneal anesthesia is a rare condition, therefore its diagnosis is frequently impaired or it is not noticed during the anterior segment examination. Case report of a 18-year-old patient referred to our Corneal and External Disease Department who complained of dry eye symptoms and with a suspicion of Sjögren's syndrome. She had amblyopia of the right eye, consequence of corneal leucoma over the visual axis secondary to a fingernail traumatism inflicted by herself in childhood. On the ophthalmologic examination corneal sensitivity was absent in both eyes. Severe dry eye and breakup time less than four seconds. Diagnosis of congenital corneal anesthesia was established, secondary to trigeminal anesthesia found on neurological evaluation of facial sensitivity. She also showed sudden movements of the chin which evidenced sensorial pathology of the trigeminal nerve. The general ophthalmologist and specially anterior segment specialists must

  8. Anestesia epidural na cirurgia descompressiva lombossacral de cães

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    E.A. Tudury

    2014-06-01

    Full Text Available Objetivou-se avaliar viabilidade, eficácia, vantagens e desvantagens da anestesia epidural lombossacral, junto à anestesia geral inalatória, em cirurgias de descompressão da cauda equina, tendo em vista que essas cirurgias são procedimentos longos e dolorosos. Para isso, foram utilizados 11 cães adultos com sinais clínicos de síndrome da cauda equina, que foram submetidos à anestesia geral inalatória e deixados no estágio anestésico mais superficial. Depois, realizou-se a anestesia epidural em seis dos 11 pacientes, por punção espinhal em L7-S1, com bupivacaína a 0,5%. Os parâmetros fisiológicos (cardíacos, vasculares, respiratórios, temperatura corporal e glicemia foram aferidos antes da medicação pré-anestésica, 10 minutos após esta, 30 minutos depois da epidural, depois da laminectomia, assim como após 60 minutos e 90 minutos da epidural, tanto no grupo com epidural como naquele sem esta (controle. Os animais que possuíam bloqueio epidural apresentaram redução significativa no consumo de anestésico inalatório e no tempo de extubação, não apresentando déficits neurológicos causados pela anestesia epidural, quando comparados com o grupo-controle. Conclui-se que a técnica de anestesia epidural é eficiente e vantajosa na realização de cirurgias descompressivas lombossacrais, pois proporciona menor risco anestésico para o animal.

  9. Prótesis fija con anestesia acupuntural Fixed prosthesis with acupuncture anesthesia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcia Hortensia Corona Carpio

    2006-09-01

    Full Text Available Se presenta un caso de una paciente femenina de 72 años de edad con antecedentes alérgicos a la anestesia dental y preocupación de rehabilitar su estética con prótesis fija. Se decidió aplicar anestesia acupuntural en la preparación de los pilares para recibir el puente fijo. Se exponen las técnicas y los resultados obtenidos. No se manifestaron reacciones adversas. La paciente evolucionó satisfactoriamente con el tratamiento alternativo realizado.

  10. Prótesis fija con anestesia acupuntural Fixed prosthesis with acupuncture anesthesia

    OpenAIRE

    Marcia Hortensia Corona Carpio; Niurka Odalmis Lao Salas; Silvana Oliveros Noriega; Yanisette Mónica Calleja Martínez; Walkyria González Rodríguez

    2006-01-01

    Se presenta un caso de una paciente femenina de 72 años de edad con antecedentes alérgicos a la anestesia dental y preocupación de rehabilitar su estética con prótesis fija. Se decidió aplicar anestesia acupuntural en la preparación de los pilares para recibir el puente fijo. Se exponen las técnicas y los resultados obtenidos. No se manifestaron reacciones adversas. La paciente evolucionó satisfactoriamente con el tratamiento alternativo realizado.

  11. Variaciones de la presi??n intraocular inducidas a trav??s de la anestesia general

    OpenAIRE

    Garc??a Bastida, Antonio

    1988-01-01

    En cirug??a ocular al abrir la c??mara anterior la presi??n intraocular (p.i.o.) se iguala a la atmosf??rica jugando un papel preponderante el volumen del lecho coroideo. Se estudian los factores que configurando la p.i.o. pueden ser influenciados a trav??s de distintos tipos de anestesia general. Para ello se realiza un estudio experimental en conejos empleando tres tipos de anestesia. Se concluye que el conejo no es un animal id??neo para la obtenci??n de datos referentes a la p.i.o. que pu...

  12. Espondilodiscitis secundaria a anestesia peridural Spondilodiscitis secondary to peridural anesthesia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Yvei González Orlandi

    2010-12-01

    Full Text Available Se presenta el caso de un paciente con espondilodiscitis secundaria al uso de anestesia peridural lumbar para la resección transuretral de una hiperplasia fibroadenomatosa de la próstata. El cuadro clínico estuvo determinado por lumbalgia aguda con incremento progresivo que llevó al confinamiento en cama del paciente. En el examen físico del sistema osteomioarticular predominó la contractura paravertebral lumbar, así como en la palpación de esta región. En el examen neurológico no se encontraron alteraciones. La tomografía axial computarizada multicorte, así como la gammagrafía ósea de columna lumbar, confirmaron el diagnóstico. Se indicó tratamiento médico basado en los síntomas, antibioticoterapia combinada y ortesis externa. La recuperación total del paciente ocurrió a los 6 meses del inicio de la enfermedad.This is the case of a patient presenting with spondilodiscitis secondary to use of lumbar peridural anesthesia for transurethral resection of a prostatic fibroadenoma hyperplasia The clinical picture was determined by a acute lumbar pain with a progressive increase leading to put to bed the patient. In physical examination of osteomyoarticular system there was predominance of lumbar paravertebral contracture, as well as in palpation of this region. In neurological examination there weren't alterations. The multi-scan computed axial tomography and the spine column bone scintigraphy confirmed the diagnosis. Medical treatment was prescribed based on symptoms, combined antibiotic drug therapy and external orthesis. The total recovery of patient occurred at 6 months from the onset of disease.

  13. Anestesia en la operación de Fontan

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lincoln de la Parte Pérez

    2002-12-01

    Full Text Available La técnica de Fontan ofrece la primera operación fisiológica para la atresia tricuspídea (AT mediante la separación completa de las circulaciones sistémicas y pulmonar. Este proceder se basa en el principio de que la presión en la aurícula derecha es suficiente para garantizar un flujo sanguíneo adecuado a los pulmones, lo que hace innecesaria la función del ventrículo derecho. A partir de su introducción, existe una esperanza para los pacientes con un solo ventrículo y es un procedimiento cada vez más frecuente en el Servicio de Anestesia Cardiovascular. Esta realidad fue el motivo para presentar una revisión bibliográfica actualizada sobre la técnica anestésica que se debe emplear en este procedimiento quirúrgico.Fontan´s technique offers the first physiological operation for tricuspid atresia by complete separation of systemic and pulmonary circulation. This procedure is based on the principle that the right atrium pressure is enough to assure an adequate blood flow to the lungs, which makes the function of right ventricle unnecessary. After the introduction of this procedure, there is a hope for those patients with only one ventricle, therefore, this is an increasingly frequent technique applied in the cardiovascular anesthesia service. Such a reality was the main reason for presenting an updated literature review of the anesthetic technique that should be used in this surgical procedure.

  14. Anestesia regional y saturación de oxígeno posoperatorio en el paciente geriátrico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alfonso R León

    2001-06-01

    Full Text Available Numerosos estudios plantean la necesidad de suministrar oxígeno suplementario a pacientes geriátricos en el período posoperatorio (PO, después de anestesia regional como profilaxis de hipoxemia. Teniendo en cuenta lo anterior, se decidió comprobar cómo se comporta la saturación de oxígeno (STO2 en el PO en los pacientes geriátricos que se asistieron con el uso de esta técnica. Previa autorización del consejo científico se seleccionaron al azar 50 pacientes ASA I-II-II (F = 30, K = 20 intervenidos de hemiabdomen inferior y miembros inferiores. Preoperatoriamente se registraron variables demográficas, antecedentes patológicos personales (APP y (STO2. Se realizó anestesia subaracnoidea (SA o peridural (PE. En el PO se realizaron 6 mediciones de la STO2 (cada 10 min durante 1 h a la salida del salón de operaciones. Se procesaron estadísticamente los resultados (comparación de medias. Edad promedio 76 ± 6 años, anestesia PE 20, SA 30, Hb media 10,5 g/L STO2 preoperatorio 94 % ± 1,5. Mediciones en el PO 1ra. 95 % ± 1,8; 2da. 94 % ± 1,3; 3ra. 93 % ± 2,1; 4ta. 95 % ± 1,9; 5ta. 94 % ± 1,5; 6ta. 93 % ± 1,7. No se hallaron diferencias estadísticamente significativas entre estas mediciones, ni en relación con la SOT2 preoperatorias con el uso de esta técnica anestésica en la población geriátricaMany studies state the need to administer supplementary oxygen to elderly patients in the postoperative period (POP after regional anesthesia as a prophylaxis of hipoxemia. Bearing in mind the above mentioned, we decided to confirm the behaviour of oxygen saturation (O2S in the POP of these aged patients that were assisted with this technique. Having cosulted the Scientifc Council, we proceed to a random selection of 50 ASA I-II-III patients (F = 30, K = 20 that underwent an operation of inferior hemiabdomen and lower limbs. Demographic variables, personal pathologic histories (PPH and 02S were obtained before the operation

  15. Cambios en la presión sanguínea durante la microcompresión retrogasseriana

    OpenAIRE

    Leonardo Zulueta Nocedo; Juan Piedra García; Luis Ochoa Zaldívar; Gerardo López Flores

    1997-01-01

    La microcompresión percutánea del ganglio trigémino es una alternativa terapéutica en la neuralgia trigeminal, que induce cifras elevadas de tensión arterial durante el transoperatorio y otros riesgos de complicaciones cardiovasculares. Se describe brevemente la técnica quirúrgica. En este estudio se utilizó atropina en la premedicación; se administró anestesia general a todos los pacientes e hidralazina para el control de la presión arterial. Se demuestran los resultados de cambios en la pre...

  16. Vitrectomía y facovitrectomía con anestesia tópica/intracameral

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jesús Oscar Moya Romero

    2015-01-01

    Conclusiones: El uso de anestesia tópica/intracameral en vitrectomía pars plana y facovitrectomía para casos seleccionados es seguro y efectivo como alternativa al bloqueo retrobulbar y peribulbar, evitando complicaciones relativas al bloqueo, con una incidencia de complicaciones similar a lo reportado, y adecuada tolerancia, para el paciente.

  17. Efeitos do uso da adrenalina na anestesia local odontológica em portador de coronariopatia

    National Research Council Canada - National Science Library

    Neves, Ricardo Simões; Neves, Itamara Lucia Itagiba; Giorgi, Dante Marcelo Artigas; Grupi, Cesar José; César, Luís Antonio Machado; Hueb, Whady; Grinberg, Max

    2007-01-01

    FUNDAMENTO: A literatura é controversa no que se refere ao uso de vasoconstritores para anestesia local em cardiopatas, havendo preocupação com a indução de descompensação cardíaca. OBJETIVO: Avaliar...

  18. Anestesia para separação de gêmeos isquiópagos no período neonatal: relato de caso Anestesia para separación de gemelos isquiópagos en el período neonatal Anesthetic management for neonatal conjoined twins separation: case report

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Norma Sueli Pinheiro Módolo

    2002-07-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A separação de gêmeos unidos causa grande interesse devido à complexidade da anestesia e cirurgia, à raridade da patologia e às poucas chances de sobrevida. O objetivo desta descrição é o de contribuir para a literatura existente, relatando os desafios encontrados por nossa equipe no atendimento à cirurgia-anestesia de separação de gêmeos isquiópagos. RELATO DO CASO: Pacientes gêmeos, nascidos a termo, de parto cesariano, pesando juntos 5.100 g, classificados como isquiópagus tetrapus. Duas equipes anestésico-cirúrgicas estavam presentes, sendo o procedimento anestésico esquematizado com aparelho de anestesia, cardioscópio, capnógrafo, oxímetro de pulso, termômetro elétrico, estetoscópio esofágico, todos em dobro. Realizou-se indução anestésica com halotano e fentanil, com os gêmeos em posição lateral e com rotação da cabeça em 45º para facilitar a intubação traqueal. Os recém-nascidos foram mantidos em ventilação controlada manualmente, utilizando o sistema de Rees-Baraka. A anestesia foi mantida com halotano, oxigênio e fentanil. Durante o per-operatório, foram encontrados órgãos abdominais duplos, com exceção do cólon, que era único. As bexigas e os ísquios estavam ligados. Ao final da cirurgia as duas crianças apresentavam-se com sinais vitais estáveis. Os gêmeos permaneceram na Unidade de Terapia Intensiva (UTI Neonatal por quatro semanas e receberam alta em bom estado geral. CONCLUSÕES: Ressalta-se a importância do entrosamento da equipe, do estudo retrospectivo multidisciplinar, da monitorização adequada e acurada observação clínica; todos esses fatores contribuíram para a boa evolução e alta dos gêmeos.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: La separación de gemelos unidos causa gran interés debido a la complexidad de la anestesia y cirugía, a la raridad de la patología y a las pocas chances de sobrevida. El objetivo de esta descripción es el de contribuir

  19. Doença de Moyamoya e anestesia com sevoflurano fora do centro cirúrgico: relato de caso Enfermedad de Moyamoya y anestesia con sevoflurano fuera del centro quirúrgico: relato de caso Moyamoya disease and sevoflurane anesthesia outside the surgery center: case report

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sheila Braga Machado

    2002-06-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A doença de Moyamoya é uma desordem cerebrovascular progressiva que representa um desafio anestésico em virtude da precária circulação cerebral destes pacientes, constituindo-se numa importante causa de acidente vascular cerebral em indivíduos jovens. O objetivo deste relato é apresentar o caso de um paciente com doença de Moyamoya que foi submetido à anestesia geral com sevoflurano para procedimento diagnóstico fora do centro cirúrgico. RELATO DO CASO: Criança com 13 anos, estado físico ASA IV, portadora de doença de Moyamoya com seqüela neurológica após três acidentes vasculares cerebrais, insuficiência renal crônica e hipertensão arterial sistêmica, submetida à endoscopia digestiva alta. Em decúbito dorsal e após monitorização, realizou-se indução inalatória pela cânula de traqueostomia com sevoflurano (aumento gradual da concentração inspiratória até 6% e mistura de oxigênio/óxido nitroso a 50%. Um cateter venoso foi inserido para infusão de solução glicosada a 5%. Foi realizada ventilação controlada manual, sendo a manutenção da anestesia feita com sevoflurano a 4% e mistura de oxigênio/óxido nitroso a 50%. Ao final do procedimento os agentes anestésicos foram descontinuados simultaneamente e foi administrado oxigênio a 100%. A anestesia foi satisfatória, com boa estabilidade hemodinâmica, sem ocorrência de complicações durante o procedimento e com despertar precoce. CONCLUSÕES: O sevoflurano pode oferecer novas perspectivas para a anestesia inalatória em pacientes com doença neurológica que realizam procedimento ambulatorial, já que permite boa estabilidade hemodinâmica e despertar precoce, preservando a fisiologia cerebral.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: La enfermedad de Moyamoya es un desorden cerebrovascular progresivo que representa un desafío anestésico en virtud de la precaria circulación cerebral de estos pacientes, constituyéndose una importante

  20. Anestesia en la coartación de la aorta

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lincoln de la Parte Pérez

    2001-12-01

    Full Text Available Se presenta un estudio retrospectivo de 200 pacientes operados de coartación de la aorta, en el Cardiocentro del Hospital Pediátrico Universitario "William Soler", en el período de 1990 a 1995. La ketamina fue el agente más utilizado en la premedicación anestésica de nuestros pacientes (190 pacientes, 95 %. En 150 pacientes se utilizó asociada con la atropina y en 40 se le adicionó además midazolam. En los 10 enfermos restantes se empleó sólo atropina. El fentanyl fue el agente más utilizado en la inducción de la anestesia (123 pacientes, 61,5 % y en el mantenimiento (186 enfermos, 92 % y aportó gran estabilidad hemodinámica. Se empleó vasodilatador en la mayoría de los pacientes (176 pacientes, 88 %, para el control de la presión arterial y dentro de éstos, los más utilizados fueron la nitroglicerina mezclada con regitina en 135 pacientes (67,5 %. Las complicaciones más frecuentes fueron la hipertensión arterial (76 pacientes, 38 % la acidosis metabólica (24 pacientes, 12 % y las arritmias cardíacas (14 pacientes, 7 %.A retrospective study of 200 patients operated on of aortic coarctation at the Cardiology Center of "William Soler" Pediatric Teaching Hospital from 1990 to 1995 was conducted. Ketamine was the most used agent in the anesthetic premedication of our patients (190 patients, 95 %. It was associated with atropine in 150 patients and midazolan was also added in 40 patients. In the other 10 patients atropine was only used. Fentanyl was the most administered agent in the induction of anesthesia (123 patients, 61.5 % and in the maintenance (186 patients, 92 %. It provided a great hemodynamic stability. Vasodilators were used in most of the patients (176 patients, 88 % to control arterial pressure. The most used were nitroglycerin mixed with regitine (135 patients, 67.5 %. The most frequent complications were arterial hypertension (76 patients, 38 %, metabolic acidosis (24 patients, 12 %, and cardiac arrhytmias (14

  1. Anestesia para obesidade mórbida Anestesia para obesidad mórbida Anesthesia for morbid obesity

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Michelle Nacur Lorentz

    2007-04-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A obesidade mórbida é uma doença muito freqüente em nosso meio, enquanto nos EUA já assumiu caráter epidêmico. O paciente obeso apresenta uma série de alterações fisiopatológicas, além de importantes comorbidades, o que exige do anestesiologista pleno conhecimento da fisiopatologia da doença. O procedimento cirúrgico de redução gástrica tem sido cada vez mais realizado e o período perioperatório apresenta características únicas com alterações cardiovascular e pulmonar que o tornam um verdadeiro desafio para os profissionais envolvidos. O hospital também deve estar preparado para receber esses pacientes, com equipamentos adequados, equipe multidisciplinar e cuidados pós-operatórios. O objetivo deste estudo foi demonstrar que o paciente obeso mórbido não é apenas um paciente com excesso de peso, e, portanto, procurou-se nortear as principais condutas a serem observadas. CONTEÚDO: São apresentadas neste artigo as principais alterações fisiopatológicas do obeso mórbido, bem como dados de epidemiologia e doenças correlacionadas. É realizada uma revisão das doses dos medicamentos usados na anestesia, bem como a melhor abordagem pré-, intra- e pós-operatória pelo anestesiologista. CONCLUSÕES: A abordagem do paciente com obesidade mórbida exige um planejamento minucioso que se inicia na seleção dos pacientes, tem continuidade com pré-operatório detalhado e intra-operatório individualizado, e se estende até o pós-operatório, quando a incidência de complicações pulmonar, cardiovascular e infecciosa é maior que na população não-obesa. Para que os resultados sejam favoráveis é extremamente importante o envolvimento de uma equipe multiprofissional que inclui Clínica Geral, Anestesiologia, Cirurgia Geral, Enfermagem, Psicologia, Fisioterapia, Nutrologia e Terapia Intensiva.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: La obesidad mórbida es una enfermedad muy frecuente en nuestro medio

  2. Anestesia no paciente usuário de cocaína Anestesia en el paciente usuario de cocaína Anesthesia in cocaine users

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Luft

    2007-06-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A cocaína é a droga ilícita mais freqüentemente associada a óbitos, e suas implicações perioperatórias nos pacientes agudamente intoxicados ou com história de uso crônico precisam ser bem conhecidas pelos anestesiologistas. O conhecimento da neurofisiologia, da farmacologia e das conseqüências fisiopatológicas decorrentes do uso da cocaína poderá facilitar o cuidado desses pacientes. O objetivo deste trabalho foi revisar as informações sobre a cocaína e suas interações com a anestesia. CONTEÚDO: O artigo discute a farmacologia da cocaína, as conseqüências fisiopatológicas decorrentes do seu uso e as interações com a anestesia. CONCLUSÕES: A compreensão e o reconhecimento precoce das complicações associadas ao uso de cocaína são essenciais para o manuseio adequado de pacientes usuários desta droga. O anestesiologista deve estar preparado, pois tanto as anestesias regionais quanto a geral apresentam riscos significativos nesses pacientes.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: La cocaína es la droga ilícita más frecuentemente asociada a decesos, y sus implicaciones perioperatorias en los pacientes agudamente intoxicados o con historial de uso crónico necesitan ser muy bien conocidas por los anestesiólogos. El conocimiento de la neurofisiología, de la farmacología y de las consecuencias fisiopatológicas provenientes del uso de la cocaína podrá facilitar el cuidado de esos pacientes. El objetivo de este trabajo fue revisar las informaciones sobre la cocaína y sus interacciones con la anestesia. CONTENIDO: El artículo discute la farmacología de la cocaína, las consecuencias fisiopatológicas provenientes de su uso y las interacciones con la anestesia. CONCLUSIONES: La comprensión y el reconocimiento precoz de las complicaciones asociadas al uso de la cocaína son esenciales para el manejo adecuado de pacientes usuarios de esa droga. El anestesiólogo debe estar preparado, pues tanto las

  3. Anestesia local e sedação para cirurgia de implante coclear: uma alternativa possível Local anesthesia for cochlear implant surgery: a possible alternative

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rogério Hamerschmidt

    2010-10-01

    Full Text Available Aanestesia geral sempre foi motivo de dúvida dos pacientes que vão ser submetidos a qualquer cirurgia, especialmente o implante coclear. Como já realizamos as cirurgias otológicas com anestesia local e sedação, julgamos perfeitamente possível a realização da cirurgia do implante coclear também com esse tipo de anestesia, diminuindo os riscos, a morbidade e os custos para o hospital. OBJETIVOS: Estudo prospectivo para demonstrar a técnica anestésica e cirúrgica utilizada em três casos de adultos submetidos ao implante coclear, avaliando a segurança e a eficácia de tal técnica. MATERIAL E MÉTODOS: Foram feitas três cirurgias de implante coclear, duas com implante Cochlear e uma com Med-EL, sem intercorrências transoperatórias, durante a telemetria e no pós-operatório imediato. RESULTADOS: Os três pacientes adultos tiveram alta hospitalar aproximadamente três horas após a cirurgia, deambulando, sem eventos nauseosos, relatando um pós-operatório mais fácil do que esperavam, mesmo no momento da telemetria intraoperatória. CONCLUSÃO: Anestesia local e sedação é uma alternativa para casos selecionados de pacientes para o implante coclear, principalmente naqueles de mais idade ou que apresentem contraindicação para a anestesia geral, os riscos e a morbidade são menores.The aim of this paper is to illustrate the possibility of performing a cochlear implant surgery with local anesthesia and sedation, the anesthetic technique and the advantages of that in comparison to a general anesthesia. AIMS: prospective study demonstrating the possibility of doing cochlear implant surgery under local anesthesia and sedation. MATERIALS AND METHODS: we describe three successful cases operated under local anesthesia, including neural telemetry and the conditions the patient presented after the surgery, with a very good recovery and no complications during and after the procedure. RESULTS: these three surgeries show the possibility of

  4. Anestesia para cesariana em gestante com hipoplasia de aorta distal: relato de caso Anestesia para cesárea en embarazada con hipoplasia de aorta distal: relato de caso Anesthesia for cesarean section on a pregnant woman with hypoplasia of the distal aorta: case report

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leonardo de Andrade Reis

    2008-02-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Anomalias vasculares maternas, potencialmente graves para o feto, podem colocar em risco a perfusão uterina, suscitando cuidados ainda maiores por parte da equipe anestésica. O objetivo deste relato foi mostrar a conduta anestésica para operação cesariana em uma gestante com hipoplasia de aorta distal, logo abaixo da emergência das artérias renais, com estenose da artéria renal e ausência de artérias ilíacas. RELATO DO CASO: Paciente de 30 anos, 54 kg, na segunda gestação com uma cesariana anterior sem intercorrências. Durante a realização de ecografia gestacional na 12ª semana observou-se interrupção da aorta logo abaixo da saída das artérias renais. A paciente foi encaminhada para a realização de cineangiocoronariografia que mostrou hipoplasia da aorta distal abaixo das artérias renais, com ausência das artérias ilíacas. Durante a investigação clínica a paciente mostrou-se assintomática, com exceção de hipertensão arterial e claudicação aos grandes esforços. A paciente foi submetida à anestesia peridural contínua, com titulação da dose anestésica necessária à realização da cesariana. Inicialmente foram injetados 50 mg de bupivacaína a 0,5% sem vasoconstritor e 10 µg de sufentanil. Quinze minutos após, a anestesia foi complementada com mais 25 mg de bupivacaína a 0,5%, o que foi suficiente para atingir adequado nível de bloqueio. A cesariana transcorreu sem intercorrências e a criança nasceu em boas condições clínicas. CONCLUSÕES: O uso de anestesia peridural contínua com doses fracionadas demonstrou ser uma técnica anestésica segura para a realização desse procedimento por reduzir os riscos de hipotensão arterial materna inerente ao bloqueio espinal e também por minimizar a transferência placentária de fármacos, que ocorrem quando do emprego da anestesia geral. A titulação de fármacos através do cateter peridural possibilitou atingir nível anest

  5. Anestesia en la comunicación interventricular del lactante

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lincoln de la Parte Pérez

    1995-06-01

    Full Text Available Se realiza un estudio retrospectivo de 70 lactantes operados de comunicación interventricular, en el Cardiocentro del Hospital Pediátrico Docente "William Soler", durante el período de 1989 a 1992. Todos los pacientes estaban desnutridos, el 60 % padecía de insuficiencia cardíaca congestiva, el 14 % lo constituían hipertensos pulmonares y el 11,4 % con síndrome de Down. El 10 % presentó bajo gasto cardíaco a la salida de la circulación extracorpórea y la mortalidad posoperatoria fue de 9 pacientes, para el 12, 8 %

  6. Presentación del Libro “Anestesia Intravenosa”.

    OpenAIRE

    Alberto Vanegas Saavedra

    2006-01-01

    Cuando me propuse escribir este libro, pensé que al tener un buen por qué, siempre encontraría el cómo; sin embargo la esperanza era remota pero no podía renunciar a ella pues al hacerlo, renunciaría a la idea del progreso. Así, que pensé, debería ser un libro que no por modesto fuera menos significativo a los avances de la ciencia, la cultura y la civilización. Pecaría de mal agradecido al no reconocer el gran esfuerzo de mi esposa Luz Marina quien soportó durante varios año...

  7. Anestesia em paciente com saturnismo: relato de caso

    OpenAIRE

    Lima,Luís Mauro Alvim de; Resende, Flávio Castro; Santos, Ana Carolina Janiques dos; Terra, Patricia Pimentel Duarte Rodrigues; Pantoja, Alberto Vieira; de Resende, Marco Antonio Cardoso

    2012-01-01

    JUSTICATIVA E OBJETIVOS: O saturnismo decorre da intoxicação crônica pelo chumbo, comum após exposição ocupacional. Projéteis retidos no corpo podem resultar em elevados níveis plasmáticos de chumbo com inúmeras repercussões clínicas, principalmente neurológicas. Apresentamos um caso de paciente sintomático, sem diagnóstico, que foi detectado durante visita pré-anestésica. RELATO DO CASO: Paciente apresentado para retirada de projétil alojado em joelho esquerdo há 14 anos, com polineuropatia ...

  8. Passagem transplacentária e efeitos embriofetais de drogas usadas em anestesia

    OpenAIRE

    Márcio Leal Horta; Ione Pellegatti Lemonica

    2002-01-01

    JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A anestesia da paciente grávida engloba situações diversas e que devem ser analisadas com muita propriedade. Além da exposição do feto e de uma possível ação tóxica dos agentes a serem utilizados na anestesia, devem ser considerados o período gestacional, as características de cada droga e as doses a serem utilizadas. A falta de informações adequadas sobre o risco do uso de drogas na gestação torna difícil ao anestesiologista uma opção segura quando se vê diante da ...

  9. SISTEMA COMPUTARIZADO EN LAZO CERRADO PARA EL SUMINISTRO DE LA ANESTESIA INTRAVENOSA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alberto Vanegas-Saavedra

    2014-12-01

    Full Text Available El sistema de suministro de la anestesia total intravenosa en lazo cerrado es una técnica reciente que ofrece ventajas sobre las técnicas actuales como la estabilidad intraoperatoria y la menor y más segura dosificación. OBJETIVO: El objetivo general de este artículo es el de resumir los hallazgos sobre un nuevo método computarizado sencillo, en lazo cerrado, para suministrar la anestesia total intravenosa de forma automatizada y segura bajo la supervisión permanente del Anestesiólogo. Este sistema se ha desarrollado para la administración de anestesia intravenosa implementando varios subsistemas. Un modelo multicompartimental de distribución de fármacos en el paciente, un algoritmo para determinar la curva de velocidades del hipnótico (propofol a infundir, un protocolo de comunicación para establecer las velocidades de infusión y un lazo de realimentación para controlar la profundidad hipnótica mediante el índice biespectral. RESULTADO: El resultado final ha sido el desarrollo de un instrumento de fácil uso, con una interfaz interactiva, que facilita la operación anestésica por parte del anestesiólogo valiéndose de un computador convencional y un monitor de profundidad hipnótica. CONCLUSIÓN: Se ha implementado una herramienta informática dotada de un modelo farmacocinético multicompartimental de gran interés académico y clínico, que tal y como se ha demostrado de forma cuantitativa, proporciona idénticos resultados a los ofrecidos por equipos comerciales; con importantes ventajas adicionales como una interfaz de usuario interactiva y la posibilidad de administrar anestesia total intravenosa.

  10. O butorfanol na anestesia pela romifidina-tiletamina-zolazepam em gatos Butorphanol in romifidine-tiletamine-zolazepam anesthesia in cats

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    André Luis Selmi

    2003-12-01

    Full Text Available Visando observar os efeitos do butorfanol (B na anestesia produzida pela associação de romifidina (R e tiletamina-zolazepam (TZ, foram utilizados seis gatos adultos, de forma que todos animais receberam a associação de romifidina-tiletamina-zolazepam (grupo RTZ ou a associação de romifidina-tiletamina-zolazepam-butorfanol (grupo RTZB. Os animais receberam em aplicação única, por via intramuscular, 7mg.kg-1 de tiletamina e 7mg.kg-1 de zolazepam e 40µg.kg-1 de romifidina (grupo RTZ ou a mesma associação acrescida de 0,2mg.kg-1 de B (grupo RTZB. A freqüência cardíaca, freqüência respiratória, pressão arterial sistólica, diastólica e média por método não-invasivo oscilométrico, saturação de oxihemoglobina e temperatura retal foram avaliadas durante 120 minutos e comparadas aos valores basais. Os efeitos anestésicos foram caracterizados por meio de um sistema de escores. Outros dados como período de latência, período anestésico hábil e período de recuperação foram mensurados para efeito comparativo. Os períodos de latência e anestésico hábil foram significativamente mais prolongados no grupo RTZB. Ocorreu diminuição da freqüência respiratória no grupo RTZB, havendo decréscimo transitório no grupo RTZ. A freqüência cardíaca não variou no grupo RTZ até os 60 minutos e decresceu significativamente no grupo RTZB. Conclui-se que a associação RTZ produz anestesia com mínimos efeitos cardiovasculares e que a adição do butorfanol à associação prolonga o tempo anestésico hábil, além de proporcionar analgesia mais duradoura, mas provoca efeitos colaterais como decréscimo da freqüência cardíaca e da freqüência respiratória em gatos.The effect of butorphanol was investigated in six adult cats anesthetized with romifidine-tiletamine-zolazepam. Cats were given romifidine (40µg.kg-1 tiletamine (7mg.kg-1 and zolazepam (7mg.kg-1 (RTZ intramuscularly, or RTZ and butorphanol (0.2mg.kg-1 (RTZB. Heart

  11. Avaliação da memória sob anestesia venosa total

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gulistan Aktas

    2013-06-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Neste estudo, objetivamos avaliar a memória implícita e explícita em pacientes submetidos à cirurgia abdominal sob anestesia venosa total (AVT com propofol e remifentanil, na qual o nível de anestesia foi controlado pelo monitoramento do índice bispectral (BIS. MÉTODO: Anestesia venosa total foi administrada a 60 pacientes adultos para obter níveis de BIS de 40-60. Os pacientes foram randomicamente divididos em três grupos, de acordo com as gravações que ouviram. Os pacientes do grupo categoria (CT ouviram uma fita gravada contendo cinco nomes de animais. Os pacientes do grupo recordar palavras (RP ouviram uma fita gravada contendo cinco palavras de frequência média na língua turca, depois de adaptadas. Os pacientes do grupo controle (GC ouviram os sons do mar até o fim da cirurgia. Duas horas após a cirurgia, os testes foram administrados a cada paciente na sala de recuperação para avaliar a memória. RESULTADOS: Houve uma diferença entre os escores dos grupos CT e GC no Miniexame do Estado Mental (MMSE; todos os escores foram > 20. Os resultados dos testes de categoria e recordar palavras, aplicados para avaliar a memória implícita, não foram estatisticamente diferentes entre os grupos. Não houve evidência de memória implícita em nenhum dos pacientes. Um paciente lembrou-se de ouvir "o som de água" como uma prova de memória explícita. Onze pacientes declararam não ter sonhado. CONCLUSÕES: Apesar de não termos encontrado nenhuma evidência de memória implícita sob anestesia adequada com AVT, um paciente apresentou memória explícita. Embora a profundidade adequada da anestesia fornecida pelo monitoramento do BIS corrobore nossos resultados para a memória implícita, ela não explica os resultados para a memória explícita.

  12. Anestesia regional e trombocitopenia não pré-eclâmptica; hora de repensar o nível seguro de plaquetas Anestesia regional y trombocitopenia no preclámptica; es hora de pensar de nuevo sobre el nivel seguro de plaquetas Regional anesthesia and non-preeclamptic thrombocytopenia: time to re-think the safe platelet count

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Motoshi Tanaka

    2009-04-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Apesar de a anestesia regional ser amplamente utilizada no controle da dor em obstetrícia, seu uso pode não ser apropriado nas pacientes com trombocitopenia por causa do risco de hematoma no neuroeixo. Não existem fortes evidências sugerindo número mínimo de plaquetas necessário para garantir a segurança na realização da anestesia regional. O objetivo deste estudo foi rever a segurança da anestesia regional em pacientes com trombocitopenia não pré-eclâmptica na instituição durante período de cinco anos. MÉTODO: Foi realizada revisão retrospectiva dos prontuários médicos de todas as pacientes obstétricas não pré-eclâmpticas cujo parto foi realizado na instituição entre abril de 2001 e março de 2006 e que apresentaram contagem de plaquetas JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: A pesar de que la anestesia regional esté siendo muy utilizada en el control del dolor en obstetricia, su uso puede no ser muy apropiado en las pacientes con trombocitopenia, debido al riesgo de hematoma en el neuro eje. No existen fuertes evidencias que sugieran un número mínimo de plaquetas necesario para garantizar la seguridad en la realización de la anestesia regional. El objetivo de este estudio fue analizar la seguridad de la anestesia regional en pacientes con trombocitopenia no preeclámptica en la institución durante un período de cinco años. MÉTODO: Fue realizada revisión retrospectiva de las historias clínicas médicas de todas las pacientes obstétricas no preeclámpticas cuyo parto fue realizado en la institución entre abril de 2001 y marzo de 2006 y que presentaron BACKGROUND AND OBJECTIVES: Although regional anesthesia is widely used for pain control in obstetrics, it may not be appropriate for patients with thrombocytopenia due to the risk of neuraxial hematoma. There is no strong evidence to suggest the minimum platelet count that is necessary to ensure the safe practice of regional anesthesia. The

  13. Anestesia em criança com síndrome de Pallister-Killian: relato de caso Anestesia en niño con síndrome de Pallister-Killian: relato de caso Anesthesia in child with Pallister-Killian syndrome: case report

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Roquennedy Souza Cruz

    2004-10-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A síndrome de Pallister-Killian (SPK é uma doença genética rara causada por uma anomalia, em mosaico, no cromossomo 12. Há pouca informação sobre esta síndrome na literatura anestésica. O objetivo deste relato foi divulgar e discutir as características que podem ser de interesse para a anestesia. RELATO DO CASO: Paciente do sexo masculino, 5 anos de idade, foi submetido a anestesia geral para a realização de ressonância magnética do crânio. Apresentava as características típicas da SPK: dismorfismo facial, alopecia temporal, micrognatismo, macroglossia, retardo mental, convulsões e alterações pigmentares cutâneas. A anestesia foi induzida e mantida com sevoflurano sob máscara facial e cânula orofaríngea, com ventilação assistida manual durante a indução. Não houve intercorrências e o exame foi feito em regime ambulatorial. CONCLUSÕES: A importância da avaliação pré-anestésica é enfatizada, devido às malformações, inclusive cardíacas, associadas a esta síndrome. É recomendada a preparação para possível dificuldade de intubação traqueal ou de manutenção das vias aéreas.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: La síndrome de Pallister-Killian (SPK es una rara enfermedad genética causada por una anomalía, en mosaico, en el cromosoma 12. Hay poca información sobre esta síndrome en la literatura anestésica. El objetivo de este relato fue divulgar y discutir las características que pueden ser de interés para la anestesia. RELATO DEL CASO: Paciente del sexo masculino, 5 años de edad, fue sometido a anestesia general para la realización de resonancia magnética del cráneo. Presentaba las características típicas de la SPK: dismorfismo facial, alopecia temporal, micrognatismo, macroglosia, retardo mental, convulsiones y alteraciones pigmentares cutáneas. La anestesia fue inducida y mantenida con sevoflurano sobre máscara facial y cánula orofaríngea, con ventilación manual

  14. Anestesia em paciente portadora de síndrome de Mckusick-Kaufman: relato de caso Anestesia en paciente portadora de síndrome de Mckusick-Kaufman: relato de caso Anesthesia in Mckusick-Kaufman syndrome patient: case report

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriano Bechara de Souza Hobaika

    2004-12-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A síndrome de Mckusick-Kaufman é uma doença rara, caracterizada tipicamente por hidrometrocolpos, polidactilia e defeitos cardíacos congênitos. Pacientes portadores desta doença podem ser submetidos a diversos procedimentos cirúrgicos durante a sua vida e o anestesiologista deve estar preparado para possíveis alterações. O objetivo deste artigo é relatar a conduta anestésica adotada em uma paciente portadora desta síndrome. RELATO DO CASO: Paciente do sexo feminino de 11 anos, 37 kg, portadora da síndrome de Mckusick-Kaufman, insuficiência renal crônica, encefalopatia hipertensiva e asma grave submetida à retirada de cateter peritoneal infectado e confecção de fístula arteriovenosa. História pregressa de intubação prolongada. A anestesia foi induzida com alfentanil (1 mg, propofol (50 mg e atracúrio (25 mg e mantida com sevoflurano (2% a 4% e doses fracionadas de alfentanil. A traquéia foi intubada sem complicações e a extubação foi realizada na sala de cirurgia após o retorno satisfatório da função neuromuscular. CONCLUSÕES: Apesar de a síndrome de Mckusick-Kaufman tratar-se de uma associação variável de defeitos congênitos, alguns cuidados anestésicos comuns podem ser definidos. Este caso apresentou fatores complicadores da anestesia e a indução com propofol e alfentanil e a manutenção com sevoflurano proporcionaram à paciente uma anestesia com mínimas repercussões ventilatórias e hemodinâmicas.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: La síndrome de Mckusick-kaufman es una dolencia rara, caracterizada típicamente por hidrometrocolpos, polidactilia y defectos cardiacos congénitos. Pacientes portadores de esta enfermedad pueden ser sometidos a varios procedimientos cirúrgicos durante su vida y el anestesiologista debe estar preparado para posibles alteraciones. El objetivo de este artículo es relatar la conducta anestésica adoptada en una paciente portadora de este s

  15. Electrocardiographic study on geriatric dogs undergoing general anesthesia with isoflurane Estudo eletrocardiográfico em cães geriátricos submetidos à anestesia geral com isofluorano

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Andreza Conti-Patara

    2009-04-01

    Full Text Available The purpose of this study was to clarify the degree of influence of anesthetic agents commonly used during anesthesia on the heart conduction systems of geriatric dogs, with or without the presence of electrocardiographic changes in the pre-anesthetic electrocardiogram and also to determine the possible causes of ST-segment and T-wave changes during anesthesia, by monitoring ventilation and oxygenation. 36 geriatric dogs were evaluated. In addition to electrocardiographic evaluation, the pre-anesthetic study included serum levels of urea, creatinine, total protein, albumin and electrolytes. The pre-anesthetic medication consisted of acepromazine (0.05mg kg-1 in association with meperidine (3.0mg kg-1 by IM injection. Anesthesia was induced with propofol (3.0 to 5.0mg kg-1 by IV injection and maintained with isoflurane in 100% oxygen. During the anesthesia, the animals were monitored by continued computerized electrocardiogram. Systemic blood pressure, heart rate, respiratory rate, end-tidal carbon dioxide, partial pressure of carbon dioxide in arterial blood, arterial oxygen saturation, partial pressure of arterial oxygen and oxygen saturation of hemoglobin were closely monitored. During maintenance anesthesia, normal sinus rhythm was more common (78%. ST-segment and T-wave changes during the anesthetic procedure were quite common and were related to hypoventilation. The use of isoflurane did not result in arrhythmia, being therefore a good choice for this type of animal; Electrocardiographic findings of ST-segment and T-wave changes during the maintenance anesthesia were evident in animals with hypercapnia, a disorder that should be promptly corrected with assisted or controlled ventilation to prevent complicated arrhythmias.Os objetivos deste estudo foram esclarecer a influência dos agentes anestésicos comumente utilizados durante a anestesia no sistema de condução cardíaco em cães idosos, com ou sem alterações eletrocardiográficas pr

  16. Anestesia raquídea versus anestesia intrarticular en cirugía artroscópica de rodilla. [Spinal anesthesia versus intra-articular anesthesia in arthroscopic surgery of the knee.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lucas Daniel Marangoni

    2016-11-01

      Discusión Conclusión: Las  ventajas encontradas a favor de la anestesia intraarticular fueron: Estadías hospitalarias acortadas, se evitaron efectos indeseables de la anestesia raquídea: bloqueo motor, nauseas, vómitos, hipotensión, pérdida transitoria de esfínter urinario y retención urinaria (globo vesical. Disminución de los costos y mayor aceptación de los pacientes.

  17. Herniorrafia inguinal com anestesia locorregional - (uso de ropivacaína

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    James Skinovsky

    Full Text Available OBJETIVO: O objetivo deste estudo é relatar a eficiência e a segurança da realização de herniorrafias inguinais com a utilização da anestesia locorregional com ropivacaina, destacando sua técnica, suas indicações e limitações. MÉTODO: Foram operados 50 pacientes, no período compreendido entre janeiro e dezembro de 2005, sendo submetidos à herniorrafia inguinal mediante anestesia locorregional utilizando-se o anestésico ropivacaina, associada a sedação intra-venosa, no Hospital Universitário Cruz Vermelha Brasileira - UnicenP, na cidade de Curitiba-PR, sendo utilizada técnica sem tensão, com o uso de prótese. Foram avaliadas as variáveis idade, gênero e tipo de hérnia através da classificação de Nyhus. RESULTADOS: Não foram observadas quaisquer alterações conseqüentes a reações adversas ao anestésico local, não sendo necessária nenhuma conversão do método anestésico ou mesmo complementação deste. As complicações pós-operatórias foram de pequena monta e de resolução adequada. CONCLUSÃO: A anestesia local por bloqueio de campo, com o uso de ropivacaína e associada a sedação intravenosa, para a realização de herniorrafias inguinais, constitui-se em procedimento plenamente viável, prático, menos oneroso e benéfico ao paciente.

  18. Variaciones de la presión intraocular inducidas a través de la anestesia general

    OpenAIRE

    García Bastida, Antonio

    2011-01-01

    En cirugía ocular al abrir la cámara anterior la presión intraocular (p.i.o.) se iguala a la atmosférica jugando un papel preponderante el volumen del lecho coroideo. Se estudian los factores que configurando la p.i.o. pueden ser influenciados a través de distintos tipos de anestesia general. Para ello se realiza un estudio experimental en conejos empleando tres tipos de anestesia. Se concluye que el conejo no es un animal idóneo para la obtención de datos referentes a la p.i.o. que puedan ex...

  19. Anestesia para lavagem pulmonar em paciente pediátrico portador de proteinose alveolar pulmonar

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Breno Monteiro Gonçalves

    2012-04-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A proteinose alveolar pulmonar (PAP é um transtorno raro, descrito inicialmente em 1958. A lavagem pulmonar total (LPT, proposta na década de 1960 ainda é o tratamento de escolha. Diversas técnicas foram descritas para realizar a lavagem pulmonar em pediatria, no entanto, todas apresentam limitações e riscos. RELATO DO CASO: Paciente de 6 anos e 8 meses, sexo feminino, 25 kg com o diagnóstico de proteinoise alveolar pulmonar submetida a lavagem pulmonar total por fibrobroncoscopia lobar sequencial sob anestesia geral em ventilação espontânea.

  20. Anestesia em paciente com Distrofia Muscular de Duchenne: relato de caso

    OpenAIRE

    Tonelli,Deoclécio; Pinho,Iglair; Sacco,Paula de Camargo Neves; Vianna,Eduardo Piccinini; Vasconcellos,José Correia de; Souza,Raquel Vasconcelos de; Umakoshi,Sidney

    2003-01-01

    JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A distrofia muscular de Duchenne é uma afecção recessiva ligada ao cromossomo X, geralmente diagnosticada na infância, acentuando-se progressivamente até agravar a função respiratória. O objetivo deste relato é apresentar um caso de um paciente com distrofia muscular de Duchenne diagnosticada há 2 anos, submetido à postectomia, sob anestesia geral com cetamina S. RELATO DO CASO: Paciente com 9 anos de idade com Distrofia Muscular de Duchenne diagnosticada há 2 anos,...

  1. Efeitos fetais e maternos do propofol, etomidato, tiopental e anestesia epidural, em cesariana eletivas de cadelas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lavor Mário Sérgio Lima de

    2004-01-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi comparar os efeitos entre os fármacos indutores de anestesia como propofol, etomidato e tiopental, e a anestesia epidural com lidocaína seguida de indução, em cadelas submetidas à cesariana, e seus neonatos. Para tanto, foram utilizadas 20 cadelas e 129 filhotes distribuídos em quatro grupos. No grupo 1 (5 cadelas e 39 neonatos, a indução anestésica foi feita com propofol; no grupo 2 (5 cadelas e 25 neonatos, com etomidato; no grupo 3 (5 cadelas e 26 neonatos com tiopental e no grupo 4, (5 cadelas e 39 neonatos utilizou-se anestesia epidural e indução com halotano através de máscara. Em todos os casos, a medicação pré-anestésica foi feita com midazolam na dose de 0,22mg kg-1 via IM, e a manutenção anestésica com halotano em circuito semifechado e concentração inicial de 3V%. As variáveis avaliadas nas cadelas foram: temperatura retal, freqüência cardíaca, freqüência respiratória, saturação da oxi-hemoglobina (SpO2, pressão arterial média. Para a avaliação dos recém-nascidos, foram mensurados: freqüência cardíaca, esforço respiratório, movimentos musculares, coloração das mucosas e irritabilidade reflexa interpretados através do escore de Apgar modificado, bem como a SpO2 do neonato. Os resultados mostraram que todos os protocolos foram adequados para as mães com mínimos efeitos sistêmicos. Para o neonato, a utilização de anestesia epidural na mãe, seguida de indução e manutenção com halotano foi superior aos protocolos que usaram agentes injetáveis na indução anestésica.

  2. ANESTESIA DISSOCIATIVA EM POTROS PELA ASSOCIAÇÃO DE DROPERIDOL E QUETAMINA

    OpenAIRE

    Newton Nunes; José Antonio Marques; Homem Israel Ferreira

    1992-01-01

    O objetivo deste trabalho foi verificar a viabilidade do droperidol como agente tranqüilizante em potros, associado a quetamina como droga produtora de anestesia dissociativa de curta duração. Foram empregados 10 potros, com idade de 2 a 6 meses, de ambos os sexos e com pesos compreendidos entre 50 e 210kg. Cada animal recebeu, por via intravenosa, 0,8mg/kg de droperidol e, decorridos 10 minutos, pela mesma via, 2mg/kg de quetamina Foram avaliados os parâmetros referentes às freqüências cardí...

  3. Anestesia em paciente com síndrome de Rubinstein-Taybi: relato de caso

    OpenAIRE

    Oliveira,Carlos Rogério Degrandi; Elias,Luciana

    2005-01-01

    JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A síndrome de Rubinstein-Taybi (SRT) é uma doença genética causada por uma mutação ou apagamento do cromossomo 16, caracterizada por retardo físico e mental, anormalidades craniofaciais e hálux e polegares largos. Há pouca informação sobre esta síndrome na literatura anestésica. O objetivo deste relato foi apresentar a conduta anestésica em paciente submetido à cirurgia odontológica e discutir as características de interesse para a anestesia nesses pacientes. RELATO...

  4. Doença de von Willebrand e anestesia Enfermedad de von Willebrand y anestesia Von Willebrand's disease and anesthesia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabiano Timbó Barbosa

    2007-06-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A doença de von Willebrand ocorre devido à mutação no cromossomo 12 e é caracterizada por deficiência qualitativa ou quantitativa do fator de von Willebrand. A diversidade de mutações leva ao aparecimento das mais variadas manifestações clínicas possibilitando a divisão dos pacientes em vários tipos e subtipos clínicos. A coagulopatia se manifesta basicamente através da disfunção plaquetária associada à diminuição dos níveis séricos do fator VIII coagulante. O objetivo dessa revisão foi mostrar os cuidados relacionados aos pacientes portadores da doença de von Willebrand durante o período perioperatório. CONTEÚDO: Foram definidas as características da doença de von Willebrand quanto à fisiopatologia, à classificação, ao diagnóstico laboratorial, ao tratamento atual e aos cuidados com o manuseio do paciente no período perioperatório. CONCLUSÕES: A doença de von Willebrand é o distúrbio hemorrágico hereditário mais comum, porém ela é subdiagnosticada pela complexidade da própria doença. A correta classificação do paciente, o uso apropriado da desmopressina e a transfusão do fator de von Willebrand são medidas fundamentais para a realização do procedimento anestésico bem-sucedido.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: La enfermedad de von Willebrand ocurre debido a la mutación en el cromosoma 12 y se caracteriza por la deficiencia cualitativa o cuantitativa del factor de von Willebrand. La diversidad de mutaciones conlleva al aparecimiento de las más variadas manifestaciones clínicas posibilitando la división de los pacientes en varios tipos y subtipos clínicos. La coagulopatía se manifiesta básicamente a través de la disfunción plaquetaria asociada con la disminución de los niveles séricos del factor VIII coagulante. El objetivo de esa revisión fue mostrar los cuidados relacionados con las pacientes portadoras de la enfermedad de von Willebrand durante el per

  5. La nutricion durante el embarazo

    OpenAIRE

    Pérez Chanivet, Gwendolin; Aragón Flores, Jose Andrés; Cabeza Garcia, María Luisa

    2015-01-01

    Cartel presentado en la Segunda Conferencia Internacional de Comunicación en Salud, celebrada el 23 de octubre de 2015 en la Universidad Carlos III de Madrid Introducción: durante los primeros meses de embarazo, es cuando se forma los órganos vitales por lo que es muy importante , una buena dieta materna. Existe un estudio que pone de manifiesto la relación de la aparición de alergias en el recién nacido y el estado nutricional materno. Objetivo: evaluar el estado nutricional durante...

  6. Isquemia miocárdica silenciosa em pacientes submetidos à prostatectomia transuretral: comparação entre anestesia subaracnóidea e peridural Isquemia miocárdica silenciosa en pacientes sometidos a prostatectomia transuretral: comparación entre anestesia subaracnóidea y peridural Silent myocardial ischaemia in patients undergoing transurethral resection of prostate: comparison of spinal versus epidural anaesthesia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Parshotam Lal Gautam

    2004-08-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A isquemia miocárdica silenciosa foi recentemente relacionada ao aumento de morbimortalidade cardíaca peri-operatória. Até 41% dos pacientes com doença coronariana conhecida ou fatores de risco cardíaco, submetidos à cirurgias não cardíacas, apresentaram isquemia peri-operatória. Vários autores compararam técnicas de anestesia regional e geral mas nenhum comparou o impacto de diferentes técnicas de anestesia no neuro-eixo na incidência e duração da isquemia miocárdica silenciosa. O objetivo deste estudo foi comparar duas técnicas diferentes de anestesia no neuro-eixo (subaracnóidea versus peridural em pacientes idosos aleatoriamente selecionados e submetidos à prostatectomia transuretral. Optou-se por este grupo de pacientes idosos porque freqüentemente, apresentam doença coronariana silenciosa ou clinicamente aparente. Um outro fator importante que influenciou a escolha, foi a sobrecarga de volume e tremores causados pela prostatectomia transuretral nesses pacientes promovendo desequilíbrio entre consumo e oferta de oxigênio. MÉTODO: Participaram deste estudo 40 pacientes submetidos a prostatectomia transuretral, que foram estudados em relação à isquemia miocárdica silenciosa com a ajuda de um equipamento Holter. A monitorização iniciou-se 1 hora antes da cirurgia, prosseguiu durante a cirurgia e após pelas próximas 24 horas. Os dados do Holter foram analisados por um DSM modelo 300. RESULTADOS: A incidência geral de isquemia miocárdica silenciosa neste estudo foi de 30%. Não foi estabelecida nenhuma relação entre isquemia miocárdica silenciosa e o tipo de anestesia. A maior parte dos episódios de isquemia miocárdica ocorreu no período pré-operatório e não tiveram relação com alterações hemodinâmicas. No entanto, a incidência e a gravidade de isquemia miocárdica silenciosa foi mais alta em pacientes com altos escores de Detsky, hipertensão arterial e anemia. Nenhum

  7. Incidência de tremor em anestesia peridural com ou sem fentanil: estudo comparativo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Abreu Múcio Paranhos de

    2004-01-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A maioria dos trabalhos encontrados na literatura, relacionando a influência dos opióides administrados por via peridural com o tremor intra e pós-operatório, foram realizados com grupos de pacientes obstétricas, nas quais a resposta do centro termorregulador pode ser diferente das pacientes não grávidas. O objetivo deste trabalho foi comparar o bloqueio peridural com e sem fentanil, quanto à incidência de tremores e outras complicações no intra e pós-operatório em pacientes submetidos à cirurgia de varizes sob anestesia peridural com bupivacaína a 0,5% com adrenalina a 1:200.000. MÉTODO: Trinta e quatro pacientes, estado físico ASA I e II, submetidos à cirurgia para tratamento de varizes de membros inferiores, foram divididos aleatoriamente em 2 grupos (n = 17, e receberam midazolam (0,05 mg.kg-1, por via venosa seguido de anestesia peridural lombar, utilizando-se no grupo S, 20 ml bupivacaína a 0,5% (com vasoconstritor associado a 2 ml de solução fisiológica a 0,9% e no grupo F, 20 ml de bupivacaína a 0,5% (com vasoconstritor associada ao fentanil (100 µg. Foram estudados: incidência de tremor, temperatura dos pacientes, necessidade do uso de meperidina, e a incidência de náuseas e vômitos nos seguintes momentos: M1 - admissão do paciente na sala de operação; M2 - imediatamente antes da anestesia; M3 - 30 minutos após o término da injeção do anestésico local; M4 - 60 minutos após o término da injeção do anestésico local; M5 - 90 minutos após o término da injeção do anestésico local; M6 - final da anestesia; M7 - antecedendo a alta da sala de recuperação pós-anestésica. RESULTADOS: Quanto aos dados antropométricos, estado físico, tempo médio de duração da anestesia e cirurgia, temperatura dos pacientes e da sala de operação e incidência de náuseas e vômitos não houve diferença estatística entre os grupos. Houve diferença estatística aos 60 minutos (M4 e

  8. Estudo clínico prospectivo aleatório sobre o uso da máscara laríngea Supreme® em pacientes submetidos a anestesia geral

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sara R. Barreira

    2013-12-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Dispositivos supraglóticos são cada vez mais usados como opção à intubação traqueal durante procedimentos eletivos de complexidade variável. O objetivo deste estudo foi avaliar prospectivamente o uso clínico da máscara laríngea Supreme® (MLS em pacientes submetidas a procedimentos cirúrgicos eletivos na mama e compará-la ao tubo endotraqueal (TE. MÉTODO: 60 pacientes submetidas a procedimentos cirúrgicos da mama sob anestesia geral foram distribuídas aleatoriamente em dois grupos de acordo com o dispositivo usado (MLS ou TE. Foram avaliados: tempo de inserção, número de tentativas para inserção, resposta hemodinâmica à inserção, presença de sangue no dispositivo usado e incidência de dor de garganta, disfagia, náuseas e vômitos no pós-operatório. RESULTADOS: Não houve diferença entre os grupos com relação ao tempo de inserção, ao número de tentativas para inserção bem-sucedida e à presença de sangue no dispositivo. A frequência cardíaca e a pressão arterial após a inserção foram maiores no grupo TE. A incidência de dor de garganta e disfagia após duas horas de pós-operatório também foi maior no grupo TE. Não houve diferença na incidência e na intensidade das complicações avaliadas após seis horas de pós-operatório. CONCLUSÕES: O uso da MLS como técnica de acesso à via aérea durante a anestesia geral em procedimentos cirúrgicos eletivos na mama é tão seguro e eficiente quanto a intubação traqueal, com a vantagem de desencadear menor resposta hemodinâmica durante a sua execução e menor incidência de dor de garganta e disfagia nas primeiras horas de pós-operatório.

  9. Anestesia em criança com síndrome de Guillain-Barré após vacina de sarampo: relato de caso Anestesia en un niño con síndrome de Guillain-Barré después de la vacuna de sarampión: relato de caso Anesthesia in Guillain-Barré pediatric patient after measles vaccination: case report

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Deoclécio Tonelli

    2005-12-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A síndrome de Guillain-Barré após vacina de sarampo é rara. O diagnóstico muitas vezes é tardio, o que leva a um aumento da morbidade. O presente relato apresenta um caso avançado e os cuidados especiais exigidos durante a anestesia. RELATO DO CASO: Paciente do sexo masculino, com quatro anos de idade com síndrome de Guillain-Barré desde um ano de idade, foi submetido a gastrostomia sob anestesia geral sem intercorrências, com sevoflurano e sem bloqueadores neuromusculares. CONCLUSÕES: O caso ilustra a raridade etiológica de uma síndrome importante na prática anestésica assim como os eventos adversos pós-vacinação, a melhor escolha para a equipe anestésica e as complicações da síndrome de Guillain-Barré na infância.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: El síndrome de Guillain-Barré después de la vacuna de sarampión es rara. El diagnóstico en la mayoría de las veces es tardío, lo que lleva a un aumento de la morbidez. Este actual relato presenta un caso avanzado y todas las atenciones especiales exigidas durante la anestesia. RELATO DEL CASO: Paciente del sexo masculino, con cuatro años de edad con síndrome de Guillain-Barré desde hace un año de edad, fue sometido a gastrostomía bajo anestesia general sin intercurrencias, con sevoflurano y sin bloqueadores neuromusculares. CONCLUSIONES: El caso ilustra la rareza etiológica de una síndrome importante en la práctica anestésica, así como los eventos adversos pos-vacunación, la mejor elección para el equipo anestésico y las complicaciones de la síndrome de Guillain-Barré en la infancia.BACKGROUND AND OBJECTIVES: Guillain-Barré syndrome following measles vaccination is uncommon. Diagnosis is often delayed, leading to increased morbidity. This report describes an advanced Guillain-Barré case and the special approaches required during anesthesia. CASE REPORT: Male patient, four years old, with Guillain-Barré syndrome diagnosed at 1 year of

  10. Cirurgia e anestesia na doença falciforme Anesthesia and surgery in sickle cell disease

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João R. Friedrisch

    2007-09-01

    Full Text Available Pacientes com doença falciforme (DF que serão submetidos a procedimentos anestésicos e cirúrgicos demandam cuidados específicos. Condições comumente associadas a estes procedimentos, como hipóxia, acidose, hipotermia, infecção e hipovolemia, podem ter conseqüências deletérias especialmente graves no paciente com DF. Há uma tendência ao aumento da eritrofalciformação e dos fenômenos vaso-oclusivos, o que pode levar à síndrome torácica aguda, episódio álgico agudo, priapismo, acidente vascular cerebral dentre outras complicações diretamente relacionadas à DF. Para minimizar o risco destas complicações, recomenda-se que pacientes com DF tenham avaliação pré-operatória multidisciplinar, atenção especial à hidratação e oxigenação, escolha de procedimentos cirúrgicos menos invasivos e cuidados pós-operatórios intensivos. Mesmo com a adoção destes cuidados, a incidência de complicações cirúrgicas em pacientes com DF é especialmente alta, estimada em 25% a 30%. O objetivo desta revisão é abordar as principais condições cirúrgicas associadas à DF e os cuidados perioperatórios que devem ser tomados neste grupo de pacientes.Individuals with sickle cell disease (SCD have special perioperative concerns that must be considered before their anesthesia and surgery. During the perioperative period, these individuals are at risk for vaso-occlusive events, including acute chest syndrome, pain crises, priapism and stroke because they are exposed to hypoxia, acidosis, hypothermia, infections and hypovolemia. Several suggestions to reduce risk have been made, including a structural multidisciplinary approach, paying special attention to hydration and oxygenation, postoperative respiratory care and selection of less aggressive or extensive surgical procedures. Even with meticulous care, approximately 25% to 30% of individuals with SCD will have a postoperative complication. This article provides readers with

  11. Anestesia para correção cirúrgica de fístula de artéria coronária sem circulação extracorpórea: relato de caso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Raquel Reis Soares

    2011-12-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Descrita em 1865 por Krause ¹, a fístula de artéria coronária comunicando-se com cavidades cardíacas, artéria pulmonar ou seio coronário é muito rara. Representa 0,2% a 0,4 % das cardiopatias congênitas e 0,1% a 0,2% da população adulta submetida a angiografias coronarianas ². O objetivo deste relato é apresentar anestesia para cirurgia de fechamento de fístula coronária em procedimento eletivo, considerando suas particularidades. RELATO DE CASO: Paciente do sexo masculino com 59 anos, cuja fístula coronária foi diagnosticada durante investigação clínica de dor torácica progressiva e dispneia de longa data. O paciente foi submetido a uma correção cirúrgica de fístula de artéria coronária sob anestesia geral sem a utilização de circulação extracorpórea (CEC.O paciente evoluiu sem intercorrências, tendo alta hospitalar com melhora clínica em sete dias de pós-operatório. CONCLUSÕES: A fístula coronária é afecção rara, mas o anestesiologista pode deparar com esse tipo de paciente em situações distintas. É importante compreender sua fisiopatologia para abordar adequadamente o paciente no perioperatório, favorecendo seu melhor prognóstico.

  12. Efeitos da anestesia epidural com tramadol, ropivacaína ou sua associação, em cadelas submetidas à ovariosalpingohisterectomia sob anestesia com isoflurano

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daiane Cristina Winter

    2016-12-01

    Full Text Available A anestesia epidural é uma técnica anestésica locorregional que proporciona analgesia e relaxamento muscular na região retroumbilical. A associação de opioides com os anestésicos locais contribui para o aumento da intensidade e prolongamento da analgesia, ocorrendo bloqueio sensitivo e motor imediato, melhorando a recuperação no período pós-operatório. Objetivou-se avaliar comparativamente no trans- e pós-operatório, os efeitos cardiorrespiratórios e a analgesia proporcionada pelo tramadol, ropivacaína ou sua associação, pela via epidural, bem como a concentração anestésica do isoflurano no trans-operatório, em cadelas submetidas à ovariosalpingohisterectomia eletiva. Este estudo foi realizado com 24 fêmeas da espécie canina, pré-medicadas com clorpromazina (0,5 mg Kg-1 IV, anestesiadas com propofol (à efeito e isoflurano, e distribuídas aleatoriamente em três grupos, nas quais foi utilizado pela via epidural 2 mg Kg-1 de tramadol (GT, 1,5 mg Kg-1 de ropivacaína (GR ou sua associação (GTR nas doses citadas anteriormente. Em momentos pré-definidos, dos períodos pré, trans- e pós-operatório, foram analisadas variáveis cardiorrespiratórias e a analgesia por um período de até 420 minutos após a anestesia epidural. Pode-se verificar analgesia de aproximadamente 105, 217 e 382 minutos, no GR, no GT e no GTR respectivamente, e ausência de depressão cardiovascular e respiratória. Os fármacos utilizados neste estudo podem ser considerados seguros e eficientes para a técnica cirúrgica em questão devido à estabilidade cardiorrespiratória e analgesia trans-operatória, porém, a associação de ropivacaína e tramadol promoveu maior redução no anestésico inalatório e melhor analgesia no período pós-operatório.

  13. Hipertensão arterial sistêmica e anestesia Hipertensión arterial sistémica y anestesia Systemic hypertension and anesthesia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Michelle Nacur Lorentz

    2005-10-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Devido à grande prevalência da hipertensão arterial sistêmica na população e a falta de consenso sobre que níveis pressóricos o anestesiologista deve aceitar para induzir uma anestesia para cirurgia eletiva, realizou-se uma revisão na literatura que trata da associação hipertensão arterial e anestesia. Considerando que a suspensão de uma cirurgia implica em gastos, o que torna a Medicina cada vez mais cara, e que, por outro lado, o ato anestésico deve ser realizado com a maior segurança possível, o objetivo desse trabalho foi analisar as evidências da literatura que possam nortear a prática clínica. CONTEÚDO: O artigo apresenta incidência e classificação da hipertensão arterial sistêmica além de relatar e comentar trabalhos relevantes que abordam a hipertensão arterial no paciente cirúrgico. CONCLUSÕES: Ainda não estão estabelecidos quais níveis máximos de pressão são compatíveis com uma cirurgia eletiva, sendo que, atualmente, os critérios para a suspensão da cirurgia no paciente hipertenso mal controlado são muito mais baseados em dados empíricos que em evidências. Existe uma tendência em postergar a cirurgia quando a PA é superior a 180/110 mmHg, mas cada caso deve ser analisado isoladamente, valorizando mais lesões em órgãos alvo que a pressão arterial propriamente dita.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: Debido a la grande superioridad de la hipertensión arterial sistémica en la población y la falta de acuerdo sobre que niveles presóricos el anestesiologista debe aceptar para inducir una anestesia para cirugía electiva, se realizó una revisión en la literatura que trata de la asociación hipertensión arterial y anestesia. Considerando que la suspensión de una cirugía implica en gastos, lo que hace la Medicina cada vez más cara, y que, por otro lado, el acto anestésico debe ser realizado con la mayor seguridad posible, la finalidad de ese trabajo fue analizar las

  14. Anestesia local por tumescência com lidocaína em cadelas submetidas a mastectomia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    C.J.X. Abimussi

    2013-10-01

    Full Text Available O presente estudo investigou os benefícios da anestesia por tumescência com lidocaína em cadelas submetidas à mastectomia, visando ao conforto do paciente e à sua recuperação pós-operatória. Foram utilizados sete animais, de peso e raças variadas, que apresentavam neoplasia em região de cadeia mamária e que foram submetidos à cirurgia de mastectomia. Todos os animais receberam o mesmo protocolo anestésico, sendo utilizado como MPA a associação entre acepromazina e morfina, nas doses de 0,04mg/kg e 0,4mg/kg (IM, respectivamente. Após 15 minutos, foi alocado um cateter em veia cefálica e realizou-se a indução com propofol 4mg/kg e midazolam 0,2mg/kg, seguida de manutenção anestésica com isofluorano. Posteriormente à instrumentação, procedeu-se à técnica de anestesia por tumescência com solução gelada composta por ringer lactato, lidocaína 2% sem vasoconstritor e adrenalina, em um volume total de 15mL/kg. Em média, o tempo de duração do procedimento foi de 74±18 minutos. O pico plasmático de lidocaína deu-se entre 30 e 60 minutos após a infiltração da solução. O resgate analgésico foi realizado após sete horas, aproximadamente, da infiltração. Pode-se concluir que a anestesia por tumescência com lidocaína deve ser considerada como constituinte do protocolo anestésico e analgésico de cadelas a serem submetidas à cirurgia de mastectomia, proporcionando estabilidade de parâmetros, segurança e recuperação pós-operatória de boa qualidade.

  15. Reação anafilática durante transplante renal intervivos em criança alérgica ao látex: relato de caso

    OpenAIRE

    Potério, Glória Maria Braga; Braga, Angélica de Fátima de Assunção; Santos, Regina Maria da Silva Feu; Gomes, Ilka de Fátima Santana Ferreira Boin; Luchetta, Maria Inez

    2009-01-01

    JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A alergia ao látex vem se tornando frequente, atingindo pacientes e profissionais de saúde. O objetivo deste relato foi apresentar um caso de criança alérgica ao látex que desenvolveu crise anafilática durante anestesia para transplante renal e destacar algumas condutas multiprofissionais empregadas para diminuir o risco de choque anafilático após a reperfusão do transplante. RELATO DO CASO: Criança do sexo masculino, com 5 anos e 10 meses, P3 pela classificação da ...

  16. Desarrollo de competencias en el manejo del comportamiento del paciente durante la consulta odontopediátrica en la formación de especialistas en odontopediatría

    OpenAIRE

    Murillo Zabala, Aída Milena

    2012-01-01

    El presente estudio reconstruye el significado y el sentido del ejercicio profesional del especialista en odontopediatría, mediante la identificación de las competencias que le permitan el adecuado abordaje del comportamiento del paciente pediátrico durante la consulta odontológica, sin recurrir a técnicas invasivas tales como la sedación y la anestesia general. Por medio de un estudio de caso, a través de la aplicación de entrevistas semiestructuradas a especialistas en odontopediatría exper...

  17. Reação anafilática durante transplante renal intervivos em criança alérgica ao látex: relato de caso Reacción anafiláctica durante transplante renal intervivos en niño alérgico al látex: relato de caso Anaphylaxis during renal transplantation of live donor graft in a child with latex allergy: case report

    OpenAIRE

    Potério, Glória Maria Braga; Braga, Angélica de Fátima de Assunção; Santos, Regina Maria da Silva Feu; Gomes, Ilka de Fátima Santana Ferreira Boi; Luchetta, Maria Inez

    2009-01-01

    JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A alergia ao látex vem se tornando frequente, atingindo pacientes e profissionais de saúde. O objetivo deste relato foi apresentar um caso de criança alérgica ao látex que desenvolveu crise anafilática durante anestesia para transplante renal e destacar algumas condutas multiprofissionais empregadas para diminuir o risco de choque anafilático após a reperfusão do transplante. RELATO DO CASO: Criança do sexo masculino, com 5 anos e 10 meses, P3 pela classificação da ...

  18. Estudo comparativo da anestesia com propofol ou thionembutal em cães

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vaidergorn Jairo

    2000-01-01

    Full Text Available Os autores compararam o uso de propofol e thionembutal observando as freqüências cardíaca e respiratória e a presença das seguintes intercorrências: apnéia, tremor, bradicardia, taquicardia, taquipnéia e parada cardíaca. Foram randomizados 100 cães para serem anestesiados com propofol ou thionembutal, sendo monitorizados os parâmetros de interesse ao estudo. Foi constatado que existe importância significantemente maior em relação a ocorrência de apnéia e tremor em ambos os grupos, sendo menores com o uso de propofol. O propofol mostrou-se uma droga mais segura para a anestesia em cães do que o thionembutal.

  19. Usos do sulfato de magnésio em obstetrícia e em anestesia

    OpenAIRE

    Barbosa,Fabiano Timbó; Barbosa,Luciano Timbó; Jucá,Mário Jorge; Cunha,Rafael Martins da

    2010-01-01

    JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: O magnésio é um íon predominantemente intracelular. Seu efeito bloqueador do receptor NMDA lhe confere características analgésicas e sedativas. O objetivo desse artigo foi revisar a fisiologia, a farmacologia e a diminuição da concentração plasmática do magnésio, assim como algumas das suas aplicações em obstetrícia e em anestesia. CONTEÚDO: O magnésio é um cátion intracelular que possui múltiplas funções: é cofator de enzimas do metabolismo glicídico e de enzimas d...

  20. Anestesia subtenoniana en cirugía de estrabismo Sub-Tenon's anesthesia in strabismus surgery

    OpenAIRE

    Rosa M Naranjo Fernández; Lucy Pons Castro; Alina Pedroso Llanes; Carmen M Padilla González

    2004-01-01

    Se realizó un estudio descriptivo, retrospectivo de 30 pacientes con el diagnóstico de estrabismo que acudieron al Servicio de Oftalmología Pediátrica y Estrabismo del Hospital Oftalmológico Docente "Ramón Pando Ferrer" y fueron operados con la técnica de anestesia subtenoniana desde abril de 2003 hasta mayo de 2004; se analizaron las variables: edad, entidad diagnostica y grado de dolor. Se encontró que el rango de edad que predominó fue de 20 a 39 años, la esotropía como el diagnóstico más ...

  1. Efeitos do uso da adrenalina na anestesia local odontológica em portador de coronariopatia Effects of epinephrine in local dental anesthesia in patients with coronary artery disease

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ricardo Simões Neves

    2007-05-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A literatura é controversa no que se refere ao uso de vasoconstritores para anestesia local em cardiopatas, havendo preocupação com a indução de descompensação cardíaca. OBJETIVO: Avaliar parâmetros eletrocardiográficos e de pressão arterial durante procedimento odontológico restaurador sob anestesia local com e sem vasoconstritor em portadores de doença arterial coronária. MÉTODOS: Neste estudo foram avaliados 62 pacientes. As idades variaram de 39 a 80 anos (média de 58,7 + 8,8 anos, sendo 51 pacientes (82,3% do sexo masculino. Do total de pacientes, 30 foram randomizados para receber anestesia com lidocaína 2% com adrenalina (grupo LCA e os demais para lidocaína 2% sem vasoconstritor (grupo LSA. Todos foram submetidos a monitorização ambulatorial da pressão arterial e eletrocardiografia dinâmica por 24 horas. Foram considerados três períodos: 1 basal (registros obtidos durante os 60 minutos que antecederam o procedimento; 2 procedimento (registros obtidos desde o início da anestesia até o final do procedimento e 3 das 24 horas. RESULTADOS: Houve elevação da pressão arterial do período basal para o procedimento nos dois grupos quando analisados separadamente; quando confrontados, não apresentaram diferença entre si. A freqüência cardíaca não se alterou nos dois grupos. Depressão do segmento ST > 1 mm não ocorreu durante os períodos basal e procedimento. Arritmias em número superior a 10 por hora estiveram presentes durante o procedimento em sete pacientes (12,5%, sendo quatro (13,8% do grupo que recebeu anestesia sem adrenalina e três (11,1% do grupo com adrenalina. CONCLUSÃO: Não houve diferença em relação a comportamento da pressão arterial, freqüência cardíaca, evidência de isquemia e arritmias entre os grupos. O uso de vasoconstritor mostrou-se seguro dentro dos limites do estudo.BACKGROUND: The use of vasoconstrictors for local anesthesia in patients with coronary heart

  2. Complicações respiratórias em pacientes com paralisia cerebral submetidos à anestesia geral Complicaciones respiratorias en pacientes con parálisis cerebral sometidos a la anestesia general Respiratory complications in patients with cerebral palsy undergoing general anesthesia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sérgio Silva de Mello

    2007-10-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Anestesia em pacientes com paralisia cerebral (PC pode representar um desafio para o anestesiologista. Este estudo prospectivo teve como objetivo determinar a prevalência e o risco de complicações respiratórias em crianças com PC submetidas à anestesia geral inalatória (AGI para tomografia computadorizada (TC. MÉTODO: Participaram do estudo pacientes com idades entre 1 e 17 anos, estado físico ASA I a III, submetidos a AGI com sevoflurano e máscara laríngea para TC no período de junho/2002 a junho/2003, divididos em três grupos: PC tetraplégicos (PCT, outros tipos de PC (PCO e paciente sem PC (NPC. Os pais ou responsáveis responderam a um questionário com perguntas sobre o histórico médico dos pacientes, infecção de vias aéreas superiores (IVAS, asma, convulsão, incoordenação orofaríngea, refluxo gastroesofágico, etc. Dados sobre incidência e gravidade das complicações respiratórias foram coletados prospectivamente (tosse, broncoespasmo, laringoespasmo, hipoxemia, aspiração. A amostra foi calculada para uma incidência esperada de 5% no grupo NPC, com uma diferença de 15% entre os grupos (alfa = 0,05 e beta = 0,1, utilizando-se os testes do Qui-quadrado, exato de Fisher e t de Student. RESULTADOS: Compuseram a amostra 290 pacientes divididos nos grupos da seguinte forma: PCT - 100, PCO - 79 e NPC - 111. Não houve diferença na prevalência de complicações respiratórias entre os grupos PCT (4%, PCO (8,9% e NPC (7,3%. Houve associação entre a presença de IVAS e a ocorrência de complicações (risco relativo, 10,71. CONCLUSÕES: Crianças com paralisia cerebral tipo tetraplegia espástica não parecem ter um risco aumentado de complicações respiratórias durante anestesia geral inalatória com sevoflurano e máscara laríngea. O estudo confirma IVAS como fator de risco para a ocorrência dessas complicações.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: La anestesia en pacientes con par

  3. Anestesia venosa total (AVT em lactente com doença de Werdnig-Hoffmann: relato de caso Anestesia general intravenosa (AVT en lactante con enfermedad de Werdnig-Hoffmann: relato de caso Total intravenous anesthesia (TIVA in an infant with Werdnig-Hoffmann disease: case report

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marco Antonio Cardoso de Resende

    2010-04-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A doença de Werdnig-Hoffmann é a causa mais comum de hipotonia no lactente e quando presente logo após o nascimento tem pior prognóstico. Fraqueza muscular simétrica, arreflexia e fasciculações da língua são característicos. A maioria dos lactentes morre antes dos dois anos por insuficiência respiratória. O presente relato apresenta um caso com técnica venosa total durante anestesia. RELATO DO CASO: Paciente feminina, branca, um ano, 10 kg, estado físico ASA III, com doença de Werdnig-Hoffmann diagnosticada desde os dois meses de idade. Candidata à gastrostomia e fundogastroplicatura na técnica aberta e traqueostomia. Monitorização com cardioscópio, pressão arterial não invasiva, oxímetro de pulso, estetoscópio precordial e temperatura retal após venóclise. Foi préoxigenada e após bolus de atropina (0,3 mg foi realizada indução anestésica com remifentanil bolus (20 µg e propofol (30 mg. Após intubação traqueal foi ventilada de forma controlada manual, em sistema sem absorvedor de CO2, Baraka (sistema Mapleson D, FGF de 4 L.min-1, FiO2 0,5 (0(2/N(20. Mantida sob anestesia com propofol 250 µg.kg-1.min-1 e remifentanil 0,3 µg.kg-1.min-1 em infusão contínua manual. O tempo cirúrgico foi de 150 minutos. O despertar ocorreu 8 minutos após o término da infusão, com ventilação espontânea. Duas horas depois foi transferida para unidade pediátrica e recebeu alta hospitalar no 4º dia de pós-operatório. CONCLUSÕES: A escolha da técnica anestésica prioriza a segurança que advém da familiaridade do manuseio dos fármacos existentes. Em crianças com doenças neuromusculares, a anestesia venosa total com remifentanil e propofol em sistemas de infusão, pela duração de ação extremamente curta, pode influenciar a evolução da doença favoravelmente.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: La enfermedad de Werdnig-Hoffmann es la causa más común de hipotonía en el lactante y cuando est

  4. Associação tiletamina-zolazepam na anestesia dissociativa de cães. Protocolo original de utilização.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    J. C. C. Veado

    2005-03-01

    Full Text Available RESUMO: Resumo: Avaliou-se o emprego da associação tiletamina-zolazepam, administrada pelas vias intramuscular (IM e intravenosa (IV em um mesmo animal. Foram pesquisados 30 cães, divididos em 3 grupos de 10 (5 machos e 5 fêmeas, que receberam tratamentos distintos sendo que todos os animais foram submetidos a procedimentos cirúrgicos variados. Foram realizados os seguintes tratamentos: Grupo 1 – 10 mg/kg de peso, IM e, após 15 minutos, 5 mg/kg IV, da mesma associação. Grupos 2 e 3, os mesmos critérios do Grupo1, porém, nas doses de 8 mg/kg, IM e 3 mg/kg IV e 6 mg/kg IM e 3 mg/kg IV, respectivamente. Doses complementares da anestesia foram administradas quando necessário. Todos os cães foram pré-medicados com sulfato de atropina. Durante 120 minutos foram registrados os valores da temperatura retal, das freqüências cardíaca e respiratória, a ocorrência de vocalização, midríase, de reação à estímulos dolorosos, a presença dos reflexos protetores e mioclonias. Foram também anotados o tempo de indução anestésica, o tempo de anestesia cirúrgica e o tempo de despertar. Realizaram-se registros eletrocardiográficos e de gasometria sangüínea. Dentro das condições de experimento concluiu-se que a associação anestésica é bastante segura e destituída de efeitos colaterais. A injeção IM para o efeito sedativo, que permita a realização do pré-operatório, seguida da injeção IV, visando o efeito anestésico, resultou em maior segurança, maior duração do plano anestésico e, em conseqüência, mais facilidade para o trabalho do anestesista. PALAVRAS CHAVE: Anestesia , nestesia em cães, anestesia dissociativa, tiletamina, Zolazepam SUMMARY - The use of tiletamine-zolazepam association was evaluated by intramuscular (IM and intravenous (IV administration in the same animal. Thirty dogs were

  5. O alvorecer da anestesia inalatória: uma perspectiva histórica El alborear de la anestesia inhaladora: una perspectiva histórica Dawning of inhalational anesthesia: a historical perspective

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    R icardo Jakson de Freitas Maia

    2002-11-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A história, ao contrário do que muitos imaginam, não é algo limitado ao passado e de caráter imutável. Ela sofre adaptações de acordo com as conveniências de uma ou outra classe social dominante. Informações que foram ocultadas, deliberadamente ou não, uma vez descobertas, poderão mudar conceitos atuais, até então estabelecidos como verdadeiros. Sendo assim, a história, como qualquer outra ciência, não é totalmente imparcial; sofre influências e interferências de forças de natureza política, religiosa, econômica e cultural. Com a História da anestesia não é diferente. Algumas questões permanecem intrigantes: Por que se levou tanto tempo para a civilização controlar a dor? Quem realmente descobriu a Anestesia? Como era o mundo quando se deu a descoberta oficial da Anestesia? Para refletir sobre tais perguntas faz-se necessário recorrer à História da Anestesia. CONTEÚDO: O texto aborda o ato cirúrgico, a dor e a anestesia desde a cultura helênica até a primeira anestesia oficialmente reconhecida, destacando nomes freqüentemente esquecidos e as peculiaridades históricas que beneficiaram ou prejudicaram um ou outro descobridor. Também enfoca os valores, a cultura e o desenvolvimento científico no século XIX, correlacionando-os com os eventos que marcaram o advento da anestesia. CONCLUSÕES: Não seria justo atribuir o mérito da descoberta da anestesia a uma única pessoa. As peculiaridades históricas que beneficiaram ou prejudicaram um ou outro pesquisador não podem ser esquecidas. Morton foi sem dúvidas o mais agraciado pelas circunstâncias. Viveu no tempo e local privilegiados, e conviveu com as pessoas mais apropriadas ao seu intento. Todavia uma questão persiste. Afinal, quem é o mais importante: o pai da idéia ou aquele que a divulgou? A resposta certamente cairá no campo da subjetividade.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: La historia, al contrario de lo que muchos se

  6. Anestesia geral versus raquianestesia para colecistectomia videolaparoscópica Anestesia general versus raquianestesia para colecistectomía videolaparoscópica General anesthesia versus spinal anesthesia for laparoscopic cholecystectomy

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Eduardo Imbelloni

    2010-06-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A colecistectomia laparoscópica é o tratamento de escolha para a litíase biliar. Este estudo foi idealizado para comparar a possibilidade de se realizar colecistectomia laparoscópica sob raquianestesia comparando com anestesia geral. MÉTODO: Entre julho 2007 e setembro 2008, 68 pacientes com sintomas de cálculo na vesícula foram incluídos no estudo. Pacientes com estado físico ASA I e II foram aleatoriamente separados para serem operados de colecistectomia laparoscópica com pneumoperitônio com baixa pressão de CO2 sob anestesia geral (n = 33 ou raquianestesia (n = 35. A anestesia geral foi realizada com propofol, fentanil, rocurônio, sevoflurano e intubação traqueal. A raquianestesia foi realizada com 15 mg de bupivacaína hiperbárica com 20 µg fentanil até que o nível sensitivo atingisse T3· Parâmetros intraoperatórios, dor pós-operatória, complicações, recuperação, satisfação do paciente e custo foram comparados entre os grupos. RESULTADOS: Todos os procedimentos cirúrgicos foram completados com o método de escolha e apenas um paciente foi convertido da raquianestesia para a anestesia geral. A dor foi significativamente menor a 2, 4 e 6 horas após o procedimento sob raquianestesia comparado com o grupo que recebeu anestesia geral. O custo da raquianestesia foi significativamente menor. Todos os pacientes foram liberados após 24 horas. Na avaliação no pós-operatório, todos os pacientes ficaram satisfeitos com a raquianestesia e recomendariam esse procedimento. CONCLUSÕES: A colecistectomia laparoscópica com pneumoperitônio com baixa pressão de CO2 pode ser realizada com segurança sob raquianestesia. A raquianestesia foi associada a mínima dor pós-operatória, melhor recuperação e menor custo do que anestesia geral.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: La colecistectomía laparoscópica es el tratamiento de elección para la litiasis biliar. Este estudio se creó para comparar la

  7. Regressão da anestesia geral em pacientes com paralisia cerebral: estudo comparativo utilizando o índice bispectral Regresión de la anestesia general en pacientes con parálisis cerebral: estudio comparativo utilizando el índice bispectral Regression of general anesthesia in patients with cerebral palsy: a comparative study using the bispectral index

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Verônica Vieira da Costa

    2006-10-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: É descrito que os pacientes com paralisia cerebral (PC são mais sensíveis aos agentes anestésicos que poderia comprometer o despertar da anestesia. O objetivo deste estudo foi avaliar a recuperação de pacientes com PC comparada com pacientes sem doença do SNC. MÉTODO: Participaram do estudo crianças de 5 a 15 anos, divididas em dois grupos: com diagnóstico de paralisia cerebral e sem doença do SNC. Todas foram submetidas à anestesia geral com sevoflurano associado a óxido nitroso e oxigênio a 50%. Além da monitorização habitualmente empregada, foram monitorizadas com o EEG-BIS. Durante o despertar da anestesia, a extubação traqueal e o pós-anestésico imediato, foi avaliada a regressão da anestesia segundo os critérios adotados por Saraiva. Avaliou-se também a velocidade de eliminação dos agentes anestésicos correlacionando-a com os valores de EEG-BIS e comparando os dois grupos de pacientes. A análise estatística foi realizada por meio da análise exploratória de dados e teste estatístico para comparação de médias, considerando como diferença estatística significativa o valor de p menor ou igual a 5%. RESULTADOS: Foram avaliados 56 pacientes, sendo 31 com PC e 25 sem doença do SNC. Os grupos foram homogêneos com relação à idade e ao sexo. O valor do EEG-BIS basal dos pacientes com PC foi menor do que o grupo-controle, com diferença estatística significativa (p = 0,04. Nos cinco primeiros minutos após a interrupção do sevoflurano, o valor do EEG-BIS dos pacientes com PC apresentou elevação mais lenta com relação ao controle. A velocidade de eliminação do agente anestésico foi semelhante nos dois grupos. Aos 15 minutos, 48% dos pacientes do grupo-controle estavam no estágio III de regressão anestésica, versus 29% do grupo com paralisia cerebral. Aos 30 minutos, 72% dos pacientes do grupo-controle estavam aptos para receber alta, no estágio IV de regressão anest

  8. Anestesia venosa total com infusão alvo-controlada de remifentanil e propofol para ablação de fibrilação atrial Anestesia venosa total con infusión objeto-controlada de remifentanil y propofol para ablación de la fibrilación atrial Total intravenous anesthesia with target-controlled infusion of remifetanil and propofol for ablation of atrial fibrillation

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernando Squeff Nora

    2009-12-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A ablação de fibrilação atrial (FA é um procedimento novo em nosso meio, embora seja comum em outros centros. A escolha da anestesia, monitores e cuidados anestesiológicos para esse procedimento, realizado fora do bloco cirúrgico, não tem sido descrita. O objetivo deste relato foi descrever uma técnica de anestesia para a realização de ablação de FA. RELATO DO CASO: Paciente feminina, 49 anos, 73 kg, 155 cm, ASA II por hipertensão arterial sistêmica. A monitorização constou de eletrocardiograma com 12 derivações, oximetria de pulso, frequência cardíaca, eletroencefalografia bispectral para medidas de BIS, taxa de supressão (SR e SEF95 e pressão arterial média (PAM. A indução anestésica foi realizada com propofol por via venosa, em infusão alvo-controlada (IAC, com alvo regulado em 4 µg.mL-1, remifentanil por via venosa, em IAC, com alvo de 3 ng.mL¹, e rocurônio por via venosa em bolus na dose de 0,2 mg.kg-1. O modelo farmacocinético de propofol utilizado foi o descrito por Marsh e incorporado à bomba de propofol PFS®. O modelo farmacocinético de remifentanil utilizado foi o descrito por Minto e incorporado à bomba de infusão Alaris PK®. As concentrações, no local efetor ou biofase, corresponderam às informações obtidas através das bombas de infusão e representaram medidas preditivas das concentrações de ambos os fármacos nos respectivos locais de ação. As concentrações de propofol e de remifentanil foram reguladas de acordo com o BIS e a PAM, respectivamente. CONCLUSÕES: A anestesia venosa total para ablação de FA pode ser uma opção segura, levando-se em conta que não há alteração da eletrofisiologia das vias acessórias. A literatura é escassa a este respeito e novas publicações poderão ou não justificar esta modalidade de anestesia durante ablação de FA.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: La ablación de fibrilación atrial (FA es un procedimiento nuevo en

  9. Facoemulsificação sob anestesia tópica: série de casos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vinícius Neumann Tavares

    2013-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a eficácia e a segurança da facoemulsificação sob anestesia tópica em casos com complexidade diversa. MÉTODOS: Os prontuários dos pacientes submetidos à facoemulsificação sob anestesia tópica no período de janeiro de 2009 a abril de 2011 foram revisados. Os dados pré-operatórios avaliados foram: sexo, idade, cor, a presença de doenças sistêmicas, comorbidades oculares, o tipo da catarata e a acuidade visual pré-operatória. As informações intra e pós-operatórias colhidas foram: acuidade pósoperatória, complicações intra e pós-operatórias, a necessidade de conversão anestésica e o poder da LIO utilizada. Foram excluídos pacientes com prontuários incompletos. RESULTADOS: Cento e onze (111 casos foram avaliados. Apenas comorbidades oculares mostraram significância estatística na acuidade visual pós-operatória (p=0,004. CONCLUSÃO: A análise indica que a facoemulsificação realizada sob anestesia tópica em casos com complexidades variadas é eficaz e segura.

  10. El Fenómeno de Facilitación y sus implicaciones en al monitorización neuromuscular durante anestesia general

    OpenAIRE

    Mazzinari, Guido

    2015-01-01

    INTRODUCCIÓN: No siempre los anestesiólogos, como el resto de individuos a pesar de la preparación profesional que tengan, son capaces de tomar decisiones basadas en un análisis racional (están sometidos a sesgos cognitivos) sobre todo cuando están sometidos a presiones exteriores como una situación de urgencia o un escenario clínico complejo que se tiene que resolver en poco tiempo. A esto se añade una cierta dificultad intrínseca en la interpretación de datos probabilísticos. Partiendo de ...

  11. Anestesia local em reconstruções amplas na face - série de casos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hamilton Aleardo Gonella

    2015-10-01

    Full Text Available Introdução: A anestesia local e os bloqueios anestésicos loco-regionais sãode ampla aplicação na medicina e em especial na cirurgia plástica,abrangendo praticamente toda a especialidade, seja nas cirurgiasreparadoras ou nas estéticas. Objetivo: A presente série de casos tem comoobjetivo mostrar possibilidades em terapêuticas cirúrgicas, na cirurgia plástica,exclusivamente em procedimentos reparadores, em nível ambulatorial ehospital-dia. Materiais e métodos: Os pacientes são selecionados de acordocom idade, condições clínicas, comorbidades e tipo de cirurgia, na PoliclínicaMunicipal. Um protocolo para casos selecionados, com pacientes bemesclarecidos e cooperativos, preferencialmente com idade acima de 50 anos,sem comorbidades ou com doenças sistêmicas leves. É preconizada aexérese com margens oncológicas amplas e reconstrução primária comenxertos e retalhos baseados em tecidos locais. Caso 1: PAG, 75 anos, sexo feminino, lesão cutânea em pálpebra inferior direita com 14 meses de evolução. Exérese ampla e retalho de Mustardè. Caso 2: FAF, 80 anos, sexo feminino, pele extremamente doente, com lesãoem asa nasal direita há 11 meses. Exérese ampla e reconstrução com retalhofrontal e nasolabial. Caso 3: GT, 76 anos, sexo feminino, com lesão extensa em regiãoperiorbitária inferior direita. Exérese ampla e retalho de Mustardè.caso 4: FAL, 62 anos, sexo masculino, CBC biopsiado em asa nasal direita há13 meses. Exérese ampla e reconstrução com retalho frontal. Discussão: Os bloqueios anestésicos em geral demandam bomconhecimento anatômico, porte cirúrgico adequado, rapidez e habilidade naexecução, devido a menor duração da anestesia e pelo desconfortocomumente referido pelos pacientes que permanecem no mesmo decúbitopor tempo prolongado. É primordial o cálculo do volume de anestésico a serutilizado para cada pessoa, de modo a não exceder as doses tóxicas e causarcomplicações no ato.

  12. Toracoscopia diagnóstica com anestesia local: metodologia e aplicações

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luís Rocha

    1998-01-01

    Full Text Available RESUMO: A toracoscopia assume cada vez mais um papel importante no diagnóstico e terapêutica de muitos doentes com derrames pleurais recidivantes. É um método simples e bern tolerado, com elevado valor diagnóstico, permitindo uma intervenção mais precoce. Além do diagnóstico permite controlar derrames pleurais recidivantes e malignos, o que poderá complementarmente ter importância de ordem clínica no tratamento e melboria da qualidade de vida do doente. Apesar do número de complicações reduzido e da sua pequena importância, pensamos que se trata de uma técnica a indicar em base individual, tendo em conta o risco/beneficio. Os autores abordam a técnica e metodologia utilizada na toracoscopia, suas contra-indicações, complicações e indicações, fazendo uma revisão teórica dos resultados descritos na literatura e realçando a modalidade anestésica que utilizam: a anestesia local com ajuda de pré-medicação. SUMMARY: Diagnostic thoracoscopy and sometimes therapeutic, assumes an important role in the etiology and symptoms relief of many patients with recurrent pleural effusions. It's a simple and well tolerable method, with high diagnostic yield, that contributes to an earlier intervention. It can control malignant and recurrent pleural effusions, which will have an important role in the treatment and quality of the patient's life. In spite of the number of complications being small and of lack of importance, we think that the use of thoracoscopy is to be decided in an Individual basis, weighting risks and benefits. The authors summarise the technique and methodology, their contraindications, complications and indications, reviewing some published results, emphasising the anaesthesia method and some information supporting local anaesthesia with pré-medication. Key-Words: Thoracoscopy, Local anaesthesia, Pleural effusion, Pleurodesis, Talc poudrage, Palavras-chave: Toracoscopia, Anestesia local, Derrame pleural, Pleurodese

  13. Anestesia em paciente com síndrome de Marshall-Smith: relato de caso Anestesia en paciente con síndrome de Marshall-Smith: relato de caso Anesthesia in a patient with Marshall-Smith syndrome: case report

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Beatriz Lemos da Silva Mandim

    2007-08-01

    éreas para identificação de obstrução alta e baixa. Durante a anestesia, a ventilação espontânea deve ser mantida durante a indução até que seja possível o controle das vias aéreas evitando a utilização de bloqueadores neuromusculares.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVO: El síndrome Marshall-Smith es una enfermedad rara, caracterizada por deformidad facial, acelerada madurez ósea, atraso en el desarrollo neuro psicomotor y anormalidad de las vías aéreas. Los pacientes con este síndrome presentan una gran probabilidad de complicaciones anestésicas, principalmente con relación al manejo de las vías aéreas. Existen pocos datos en la literatura anestésica a respecto de este síndrome. El objetivo de este relato fue presentar las dificultades y la conducta anestésica en un niño de 28 días, portador de este síndrome, sometido a cirugía para la corrección de atresia de coanas bajo anestesia general. RELATO DEL CASO: Niño del sexo masculino, 28 días de vida, 2,8 kg, sometido a anestesia general para la corrección quirúrgica de atresia de coanas. Presentaba las características típicas del síndrome Marshall-Smith como tórax estrecho, pectus escavatum, manos y pies grandes, cuello largo, deformidad facial, palato alto y estrecho y una acelerada madurez ósea. La inducción anestésica fue por inhalación bajo máscara con O2 a 100% asociado al sevoflurano. Debido a la posibilidad de intubación difícil, fue programada intubación traqueal con fibrobroncoscopio. Después de intubación traqueal y ventilación asistida manual, fue administrado 1,5 mg de rocuronio y, pasados diez minutos, el paciente presentó bradicardia (80 lpm e hipoxia acentuada (30% de saturación de O2 e imposibilidad de ventilación manual a través del tubo traqueal, siendo necesaria la realización de traqueotomía de urgencia cuando se optó por suspender el procedimiento quirúrgico. CONCLUSIÓN: En casos de emergencia anestésico-quirúrgica donde el niño no ventila y no es posible

  14. Avaliação da memória sob anestesia venosa total Evaluación de la memoria bajo anestesia venosa total The assessment of memory under total intravenous anesthesia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gulistan Aktas

    2013-06-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Neste estudo, objetivamos avaliar a memória implícita e explícita em pacientes submetidos à cirurgia abdominal sob anestesia venosa total (AVT com propofol e remifentanil, na qual o nível de anestesia foi controlado pelo monitoramento do índice bispectral (BIS. MÉTODO: Anestesia venosa total foi administrada a 60 pacientes adultos para obter níveis de BIS de 40-60. Os pacientes foram randomicamente divididos em três grupos, de acordo com as gravações que ouviram. Os pacientes do grupo categoria (CT ouviram uma fita gravada contendo cinco nomes de animais. Os pacientes do grupo recordar palavras (RP ouviram uma fita gravada contendo cinco palavras de frequência média na língua turca, depois de adaptadas. Os pacientes do grupo controle (GC ouviram os sons do mar até o fim da cirurgia. Duas horas após a cirurgia, os testes foram administrados a cada paciente na sala de recuperação para avaliar a memória. RESULTADOS: Houve uma diferença entre os escores dos grupos CT e GC no Miniexame do Estado Mental (MMSE; todos os escores foram > 20. Os resultados dos testes de categoria e recordar palavras, aplicados para avaliar a memória implícita, não foram estatisticamente diferentes entre os grupos. Não houve evidência de memória implícita em nenhum dos pacientes. Um paciente lembrou-se de ouvir "o som de água" como uma prova de memória explícita. Onze pacientes declararam não ter sonhado. CONCLUSÕES: Apesar de não termos encontrado nenhuma evidência de memória implícita sob anestesia adequada com AVT, um paciente apresentou memória explícita. Embora a profundidade adequada da anestesia fornecida pelo monitoramento do BIS corrobore nossos resultados para a memória implícita, ela não explica os resultados para a memória explícita.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: En este estudio evaluamos la memoria implícita y explícita en pacientes sometidos a la cirugía abdominal bajo anestesia venosa total

  15. Epidermólisis bulosa en el niño y anestesia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Joaquín L. de la Lastra Rodríguez

    1999-06-01

    Full Text Available La epidermólisis bulosa comprende un grupo heterogéneo de enfermedades ampollosas de la piel y mucosas de origen congénito y hereditario. El tratamiento es insatisfactorio en gran parte, por lo cual son necesarias ciertas medidas para proteger al paciente y evitar la aparición de dichas lesiones y sus complicaciones. Se describe el manejo anestesiológico en un niño de 3 años de edad, al que se le administró anestesia general intravenosa con clorhidrato de ketamina y diazepán, y se describen todos los cuidados y recomendaciones que hay que tener para evitar especialmente los roces, las presiones y las temperaturas altas.Epidermolysis bullosa is a heterogenous group of ampullary diseases of the skin and mucosas of congenital and hereditary origin. The treatment is largely unsatisfactory, and that´s why it is necessary to take some measures to protect the patient and to prevent the appareance of such lesions and their complications. It is described the anesthetic management of a 3-year-old child that was administered intravenous general anesthesia with ketamine hydrochlorate and diazepam. The care and recommendations that should be taken into account to avoid touches, pressures and high temperatures, are described.

  16. Cambios en la presión sanguínea durante la microcompresión retrogasseriana

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leonardo Zulueta Nocedo

    1997-12-01

    Full Text Available La microcompresión percutánea del ganglio trigémino es una alternativa terapéutica en la neuralgia trigeminal, que induce cifras elevadas de tensión arterial durante el transoperatorio y otros riesgos de complicaciones cardiovasculares. Se describe brevemente la técnica quirúrgica. En este estudio se utilizó atropina en la premedicación; se administró anestesia general a todos los pacientes e hidralazina para el control de la presión arterial. Se demuestran los resultados de cambios en la presión arterial durante los distintos niveles de tratamiento. Las complicaciones inmediatas fueron: el incremento significativo de la presión arterial, la hemorragia subconjuntival y la punción de la arteria carótidaPercutaneous microcompression of the trigeminal ganglion is a therapeutic alternative in trigeminal neuralgia that induces high readings of arterial pressure during the transoperative and other risks of cardiovascular complications. The surgical technique is briefly described. Atropine was used in the premedication of this study. General anesthesia was administered to all patients and hidrizaline was given to control the arterial pressure. The changes observed in the arterial pressure during the different levels of treatment are shown. The immediate complications were: the significant increase of arterial pressure, the subconjunctival hemorrhage, and the carotid artery puncture

  17. Felipressina aumenta pressão arterial durante procedimento odontológico em pacientes hipertensos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Lúcia Aparecida Bronzo

    2012-08-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A felipressina foi adicionada ao anestésico local para aumentar a duração do efeito anestésico e reduzir a toxicidade nos procedimentos dentários. No entanto, o efeito sobre a pressão arterial é incerta, e isso pode ser altamente relevante no tratamento dentário de pacientes hipertensos. OBJETIVO: Investigar o efeito da felipressina sobre a pressão arterial em pacientes hipertensos com pressão arterial controlada. MÉTODOS: Foram estudados 71 indivíduos com essas características e com necessidade de tratamento periodontal. Após 10 minutos de repouso, a anestesia local (prilocaína foi infiltrada com e sem adição de felipressina. Em seguida, uma raspagem subgengival profunda foi realizada. A pressão arterial foi medida por um equipamento oscilométrico automático (DIXTAL DX2010. Dez minutos após a administração do anestésico, o pico de ação anestésica foi gravado. O Inventário de Ansiedade Traço-Estado (IDATE foi utilizado para avaliar o traço de ansiedade nos pacientes. RESULTADOS: A pressão arterial sistólica aumentou após a anestesia, independentemente da associação com felipressina, durante todo o procedimento dentário (p < 0,05, e essa resposta pode ser explicada, pelo menos em parte, pelos níveis de traço de ansiedade dos indivíduos. No entanto, um aumento adicional na pressão arterial diastólica foi observado quando a prilocaína foi associada a felipressina (p < 0,05, mas essa resposta não se alterou com os níveis de traço de ansiedade. CONCLUSÃO: A felipressina aumentou a pressão arterial diastólica de pacientes hipertensos com pressão arterial controlada. Pacientes com traço de ansiedade elevado apresentaram aumento na pressão arterial sistólica em alguns procedimentos, sugerindo que um aumento da pressão arterial também pode estar relacionado ao medo ou à ansiedade.

  18. Estudo comparativo entre o metodo tradicional de anestesia, seringa carpule, e um novo sistema de injeção anestesica

    OpenAIRE

    Elisabete Miriam de Carvalho Correa

    1997-01-01

    Resumo: O uso da menor dose possível de anestésico local para obtenção de uma anestesia eficaz sempre foi uma preocupação na anestesia odontológica, especialmente com relação a determinados grupos de pacientes (idosos, crianças, gestantes, cardiopatas etc). Observações prévias com o uso do Control Inject, um novo sistema de aplicação anestésica que controla eletronicamente a dosagem e a velocidade de administração da droga, sugeriram a possibilidade de obtenção de anestesia adequada, com um m...

  19. Anestesia neuroaxial comparada a la anestesia general para la revascularización de los miembros inferiores en ancianos: revisión sistemática con metanálisis de ensayos clínicos aleatorios

    OpenAIRE

    Barbosa,Fabiano Timbó; Jucá, Mário Jorge; Castro, Aldemar Araújo

    2009-01-01

    JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A controvérsia atual é saber se a anestesia neuroaxial (AN) é mais eficiente que a geral (AG) em idosos submetidos à cirurgia não-cardíaca. O objetivo foi determinar a eficiência da AN comparada à AG para revascularização de membros inferiores (RMI) em idosos. MÉTODO: Utilizada estratégia de busca para as bases de dados: MEDLINE (1955 a 2007), CINHAL ( 1982 a 2007), Embase (1980 a 2007), LILACS (1982 a 2007) e ISI (1945 a 2007). Dois revisores analisaram independent...

  20. An evaluation of new circle system of anesthesia. Quantitative anesthesia with isoflurane in new zealand rabbits Avaliação de um novo sistema circular de anestesia: anestesia quantitativa com isuflorane em coelhos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Neuber M. Fonseca

    1997-12-01

    Full Text Available A small circuit system of anesthesia was developed by Fonseca and Goldenberg in 1993. The authors used in this study New Zealand White (NZW rabbits under closed system anesthetic regiment by insoflurane. Twenty male adult New Zealand rabbits were distributed in two groups of ten animals. No premedicant drugs were given. Endotraqueal intubation was made after intravenous administration of propofol (10mg/kg. Insoflurane was used to anesthesia management, administred by lowflow closed system technique with cooper kettle vaporizer, fixed by pre-calculated vaporizing flow in double times intervals. The group II underwent surgical periostal scratching in the medial tibial surface at the proximal shaft. Rabbits breathed spontaneously. Hypotensio, hypercapnia and respiratory acidosis were characteristic of the cardiopulmonary effects of the anesthesia. The corneal reflex and pinch reflex was useful as reliable indicators of anesthesic depth. Manual or mechanical ventilation should be considered as a way of improving alveolar ventilation and normalize blood-gas values. The system developed by Fonseca and Goldenberg was considered suitable for anesthesic management in rabbits.Um sistema circular de anestesia para animais de pequeno porte foi desenvolvido por FONSECA e GOLDENBERG, em 1993. No presente estudo foram utilizados 20 coelhos brancos linhagem Nova Zelândia, submetidos ao sistema com isoflurane, distribuidos em dois grupos de 10 animais. O grupo I, controle, que foi apenas anestesiado e o grupo II foi submetido a raspagem periostal da parte proximal e medial da tíbia. Não foi administrada droga pré-anestésica. Após administração do propofol intravenoso (10mg/kg procedeu-se a intubação endotraqueal. O isuflorane foi administrado lentamente no sistema circular de anestesia. Os animais respiravam espontaneamente. Houve efeitos cardiorespiratórios conseqüentes da anestesia, tais como, hipotensão, hipercapnia e acidose respiratória. O

  1. Anestesia em paciente com Xeroderma Pigmentoso: relato de caso Anestesia en paciente con Xeroderma Pigmentoso: relato de caso Anesthesia in patient with Xeroderma Pigmentosum: case report

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Rogério Degrandi Oliveira

    2003-02-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: O Xeroderma Pigmentoso é uma doença autossômica recessiva rara, caracterizada pelo desenvolvimento prematuro de neoplasias devido à extrema sensibilidade à radiação ultravioleta. Estas manifestações ocorrem por falha no mecanismo de excisão e reparo do DNA. Se comparados a indivíduos normais, estes pacientes apresentam risco 1000 vezes maior de desenvolver neoplasias em áreas expostas ao sol. O objetivo deste relato é apresentar a conduta anestésica em uma paciente portadora de Xeroderma Pigmentoso submetida à cirurgia oftalmológica. RELATO DO CASO: Paciente do sexo feminino, 7 anos, portadora de Xeroderma Pigmentoso com comprometimento facial extenso, admitida para exérese de lesão papilar no olho direito. Foi prescrito midazolam (10 mg por via oral, como medicação pré-anestésica. A monitorização inicial consistiu de cardioscópio, oxímetro de pulso, estetoscópio precordial e pressão arterial não invasiva. Foi realizada pré-oxigenação com oxigênio a 100% por 3 minutos e indução inalatória sob máscara com oxigênio a 100% e sevoflurano em concentrações crescentes até 7%. Após acesso venoso periférico com cateter 22G, foram injetados propofol (50 mg e succinilcolina (20 mg e realizada intubação traqueal com tubo 5,5 mm sem balonete. Um guia de metal foi utilizado para facilitar a introdução do tubo traqueal. A manutenção da anestesia foi feita com sevoflurano a 3,5% e oxigênio a 100%, com sistema de Bain. A criança foi extubada na sala cirúrgica e encaminhada à sala de recuperação pós-anestésica em boas condições. CONCLUSÕES: As alterações faciais e orofaríngeas decorrentes desta doença determinaram dificuldades na adaptação da máscara facial e intubação traqueal. A educação constante do paciente e de seus familiares constitui o objetivo mais importante no manuseio desta doença.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: El Xeroderma Pigmentoso es una enfermedad autos

  2. Parada cardíaca súbita em anestesia geral como a primeira manifestação da origem anômala de artéria coronária esquerda

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maurício Daher

    2012-12-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: O relato de caso descreve uma situação rara e potencialmente fatal associada à administração de anestesia. Nosso objetivo foi discutir as causas de parada cardíaca súbita no período perioperatório em pacientes aparentemente saudáveis e a fisiopatologia das anomalias de origem das artérias coronárias como uma causa de parada cardíaca súbita. RELATO DE CASO: Uma mulher de 44 anos, sem sintomas prévios de doença coronariana ou arritmias, apresenta parada cardíaca súbita durante a instalação de anestesia geral em duas situações distintas. No primeiro episódio, a paciente apresentava-se com quadro de abdômen agudo, porém hemodinamicamente estável. Após a indução anestésica, ocorreu bradicardia e hipotensão arterial, refratárias à reposição de volume e vasopressores. O quadro evoluiu para assistolia. A paciente foi reanimada com sucesso e recebeu alta em boas condições. No segundo episódio, um ano após o primeiro, a paciente se encontrava em boas condições clínicas para feitura de uma cirurgia eletiva. Após a indução anestésica, a paciente desenvolveu taquicardia ventricular seguida por assistolia, que foi prontamente revertida. Após extensa investigação, foi identificada uma origem anômala da artéria coronária esquerda. CONCLUSÕES: Nosso relato é ilustrativo ao enfatizar que uma investigação diagnóstica minuciosa deve ser feita nos casos de parada cardíaca súbita perioperatória, mesmo em pacientes aparentemente saudáveis.

  3. Anestesia para tratamento intraparto extraútero (EXIT em fetos com diagnóstico pré-natal de malformações cervical e oral: relato de casos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniel Corrêa Helfer

    2012-06-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: O feto com diagnóstico pré-natal de massa cervical, ou qualquer outra doença que obstrua as vias aéreas, não deve ser abordado de forma convencional por apresentar dois desafios ao médico assistente logo após o parto: o tempo limitado para se estabelecer o acesso a vias aéreas potencialmente difíceis e a ausência de anestesia do neonato caso seja necessária instrumentação das vias aéreas. O procedimento EXIT (ex utero intrapartum treatment - EXIT procedure consiste em manter a circulação fetoplacentária durante a cesariana até que as vias aéreas do feto estejam asseguradas. RELATO DOS CASOS: Mulher de 37 anos, G3P2, 38 semanas de gestação, apresentando polidrâmnio e feto com grande massa cervical diagnosticada por ultrassonografia pré-natal. A cesariana foi realizada com procedimento EXIT para possibilitar o acesso seguro das vias aéreas. Após a histerotomia, o feto foi intubado sob laringoscopia direta. O concepto foi transferido imediatamente para outra sala de cirurgia, onde foi realizada a ressecção do tumor cervical e a traqueostomia, ambos com sucesso. Mulher de 27 anos, G3P1A1, idade gestacional de 32 semanas, cujo feto tinha diagnóstico pré-natal de grande tumor em região oral. O tumor obstruía as vias aéreas do feto e foi programada traqueostomia com técnica EXIT, no entanto, foi possível intubar o recém-nascido sob laringoscopia direta, sendo então submetido à ressecção do tumor e encaminhado à UTI neonatal. CONCLUSÕES: Os relatos descrevem o uso bem sucedido de anestesia geral com isoflurano para a realização de cesariana seguida de procedimento EXIT em fetos com tumores obstruindo as vias aéreas.

  4. Anestesia venosa total para laringectomia parcial em paciente na 28ª semana de gestação: relato de caso

    OpenAIRE

    José Costa; Dalva Maria Carvalho Mendes; José Eduardo de Oliveira Lobo; Adriana Barrozo Ribeiro Furuguem; Gabriel Gilberto Santos

    2005-01-01

    JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Uma anestesia para paciente gestante constitui um desafio ao anestesiologista em virtude dos riscos para a mãe e para o feto. São muitas as complicações descritas pela literatura como malformações fetais, parto prematuro, instabilidade hemodinâmica materna e até morte fetal. O objetivo deste caso é mostrar uma paciente gestante de 28 semanas, submetida a laringectomia parcial sob anestesia geral venosa total com propofol, remifentanil e cisatracúrio. RELATO DO CASO:...

  5. Exame ortopédico, com e sem anestesia geral, de cães com luxação patelar medial

    OpenAIRE

    Figueiredo,M.L.; C.E.S. Silva; T.H.T. Fernandes; Chioratto,R; Tudury,E.A.

    2012-01-01

    Compararam-se os achados musculotendinosos e osteoarticulares encontrados em cães com luxação patelar medial, por meio do exame ortopédico realizado com e sem anestesia geral. Para tal, foram utilizados 11 joelhos de 10 cães, sem distinção de sexo, idade e raça, os quais apresentaram luxação patelar medial dos graus II, III e IV, diagnosticada clinicamente. O exame ortopédico específico da articulação do joelho foi realizado previamente à cirurgia, com o animal sem anestesia, e, no dia da cir...

  6. Feocromocitoma y anestesia: Revisión del tema a propósito de un caso

    OpenAIRE

    Yolanda Sotolongo Molina; Lázaro P Vigoa Sánchez; Juan C Pérez de Prado Valdivia

    2002-01-01

    Se reporta el caso de un paciente al cual se le realizó resección de un feocromocitoma en el Instituto de Nefrología. Se describen sus antecedentes, anestesia general orotraqueal, control hemodinámico con lidocaína y nitropusiato de sodio y monitoreo transoperatorio empleado. Se realizó una revisión bibliográfica a través del Medline, a la luz de los conocimientos actuales de la atención perioperatoria, métodos anestésicos, terapéutica con vasodilatadores, bloqueadores alfa y beta adrenérgico...

  7. Tratamento cirúrgico das hérnias inguinais sob anestesia local em ambulatório

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rafael Melillo Laurino Neto

    Full Text Available OBJETIVOS: Apresentar o programa e avaliar a tolerância dos pacientes à correção das hérnias inguinais em ambulatório sob anestesia local. MÉTODO: Foram analisados 61 pacientes submetidos a tratamento cirúrgico de hérnia inguinal unilateral não complicada, sob anestesia local em ambulatório no Serviço de Cirurgia Geral do Conjunto Hospitalar do Mandaqui, entre fevereiro de 2000 e agosto de 2002. Respeitandose rígidos critérios na seleção dos pacientes, e com os mesmos sob sedação e monitorização contínua, realizou-se bloqueio de campo conforme padronização do serviço. A técnica de reforço da parede abdominal foi definida levando-se em consideração o tipo de hérnia, idade do paciente e sua atividade profissional. Todos os pacientes receberam alta hospitalar em até quatro horas após a cirurgia respeitando-se as condições estabelecidas pela resolução CFM nº 1.409/94, com orientações precisas quanto a possíveis complicações imediatas e retorno para atendimento em Pronto-Socorro caso necessário. RESULTADOS: O tempo cirúrgico médio foi de 1h30min. Quanto ao tipo de hérnia, segundo a classificação de Nyhus, prevaleceu o tipo III B (36%, seguido dos tipos III A (34,5% e II (26,2%. A técnica de reforço mais utilizada foi a de Lichtenstein (80,3%. Quanto à avaliação da dor intra-operatória, 73,8% dos pacientes deram notas igual ou inferior a 3 numa escala de 0 a 10 e 95% afirmaram que se submeteriam novamente a tal procedimento sob anestesia local. CONCLUSÕES: O tratamento cirúrgico das hérnias inguinais sob anestesia local em ambulatório, é procedimento seguro e bem aceito pela maioria dos pacientes quando realizado de forma padronizada.

  8. Parada cardíaca inesperada durante colecistectomia: relato de caso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Croitor Lorena Brito da Justa

    2002-01-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A parada cardíaca per-operatória é um evento grave, e sua incidência em nosso serviço é de 31:10.000 anestesias. O objetivo deste relato é apresentar um caso de parada cardíaca durante anestesia geral em uma paciente submetida a colecistectomia. RELATO DO CASO: Paciente feminina, 16 anos, 62 kg, estado físico ASA I, submetida à colecistectomia por via aberta. Midazolam (15 mg por via oral foi a medicação pré-anestésica. Foi realizadas indução anestésica com sufentanil (50 µg, propofol (150 mg e atracúrio (30 mg. A anestesia foi mantida com isoflurano e N2O. Após trinta minutos de cirurgia ocorreu bradicardia sinusal revertida com atropina (0,5 mg. Vinte minutos depois, ocorreu outra bradicardia com bloqueio átrio-ventricular de 3º grau evoluindo rapidamente para parada cardíaca (PCR em assistolia, apesar da administração de atropina (1 mg. As manobras de reanimação foram iniciadas imediatamente, juntamente com a administração de adrenalina (1 mg, com retorno dos batimentos cardíacos espontâneos após aproximadamente cinco minutos da PCR. A cirurgia foi concluída e a paciente manteve-se estável hemodinami- camente. A paciente foi extubada duas horas após o término da cirurgia apresentando-se sonolenta, não contactante, com bom padrão ventilatório e hemodinâmico. Após doze horas de observação na unidade de terapia intensiva (UTI a paciente apresentava-se agitada e desconexa. Vinte e quatro horas após a PCR a paciente recebeu alta da UTI consciente, orientada, sem queixas e sem déficit neurológico. Recebeu alta hospitalar no 4º dia do pós-operatório. CONCLUSÕES: Diversos fatores podem contribuir para a ocorrência de disritmias e parada cardíaca no per-operatório, destacando-se a estimulação vagal secundária às manobras cirúrgicas. O diagnóstico precoce e o rápido início das manobras de reanimação são de fundamental importância para a boa evolução neurol

  9. Analgesia de parto: estudo comparativo entre anestesia combinada raquiperidural versus anestesia peridural contínua Analgesia de parto: estudio comparativo entre anestesia combinada raqui-peridural versus anestesia peridural continua Labor analgesia: a comparative study between combined spinal-epidural anesthesia versus continuous epidural anesthesia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Alberto de Figueiredo Côrtes

    2007-02-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: O alívio da dor no trabalho de parto tem recebido atenção constante visando ao bem-estar materno, diminuindo o estresse causado pela dor e reduzindo as conseqüências deste sobre o concepto. Inúmeras técnicas podem ser utilizadas para analgesia de parto. Este trabalho teve como objetivo comparar a técnica peridural contínua com a combinada, ambas com o uso de bupivacaína a 0,25% em excesso enantiomérico 50% e fentanil como agentes. MÉTODO: Participaram do estudo 40 parturientes em trabalho de parto com dilatação cervical entre 4 e 5 cm que foram distribuídas em dois grupos iguais de forma aleatória. O Grupo I recebeu anestesia peridural contínua. O Grupo II recebeu anestesia combinada. Foram avaliados: medidas antropométricas, idade gestacional, dilatação cervical, tempo entre o bloqueio e a ausência de dor por meio da escala analógica visual, possibilidade de deambulação, tempo entre o início da analgesia e a dilatação cervical completa, duração do período expulsivo, parâmetros hemodinâmicos maternos e vitalidade do recém-nascido. Possíveis complicações, como depressão respiratória, hipotensão arterial materna, prurido, náuseas e vômitos, também foram observadas. Para a comparação das médias utilizou-se o teste t de Student e para a paridade e tipo de parto utilizou-se o teste do Qui-quadrado. RESULTADOS: Não houve diferença estatística significativa entre os dois grupos em relação ao tempo entre o início da analgesia e a dilatação cervical completa, bem como em relação ao tempo da duração do período expulsivo, incidência de cesariana relacionada com a analgesia, parâmetros hemodinâmicos maternos e vitalidade do recém-nascido. CONCLUSÕES: Ambas as técnicas se mostraram eficazes e seguras para a analgesia do trabalho de parto, embora a técnica combinada tenha proporcionado um rápido e imediato alívio da dor. Estudos clínicos com maior número de casos s

  10. Midazolan-Tiopental: compatibilidad y sinergismo farmacológico en anestesia pediátrica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Joaquín L de la Lastra Rodríguez

    1996-06-01

    Full Text Available La administración de tiopental ha sido recomendada para completar la inducción anestésica, cuando la dosis de midazolán ha sido insuficiente; además es reconocido el efecto de sinergismo entre ambos fármacos. El objetivo del trabajo fue analizar el beneficio que representa esta técnica de inducción en un grupo de 25 pacientes pediátricos, con la utilización de dosis de midazolán de 0,3 mg/kg de peso y de tiopental de 2,5 mg/kg de peso. Los resultados fueron satisfactorios y se observó la ausencia o la disminución de la respuesta hipertensora arterial después de la laringoscopia directa y de la intubación endotraqueal. El mantenimiento de la anestesia fue garantizado con una mezcla de oxígeno y de óxido nitroso y dosis intermitentes de fentaniloThe administration of thiopental has been recommended to complete anesthetic induction, when the dose of midazolam has not been sufficient; moreover, the sinergistic effect between both drugs is well know. The aim of this work was to analize the advantage of this induction technique in a group of 25 pediatric patients, with the use of a dose of 0.3 mg/kg midazolam and 2.5 mg/kg thiopental. Results were satisfactory and the absence or decrease of arterial hypertensive response after direct laryngoscopy and endotracheal intubation was observed. The maintenance of anesthesia was guaranteed by mixing nitrous oxide and intermittent doses of fentanyl

  11. Anestesia subtenoniana en cirugía de estrabismo Sub-Tenon's anesthesia in strabismus surgery

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosa M. Naranjo Fernández

    2004-12-01

    Full Text Available Se realizó un estudio descriptivo, retrospectivo de 30 pacientes con el diagnóstico de estrabismo que acudieron al Servicio de Oftalmología Pediátrica y Estrabismo del Hospital Oftalmológico Docente "Ramón Pando Ferrer" y fueron operados con la técnica de anestesia subtenoniana desde abril de 2003 hasta mayo de 2004; se analizaron las variables: edad, entidad diagnostica y grado de dolor. Se encontró que el rango de edad que predominó fue de 20 a 39 años, la esotropía como el diagnóstico más frecuente, el grado de dolor fue significativo en la tracción muscular y la técnica anestésica subtenoniana resultó efectiva independientemente de la técnica quirúrgica aplicada, sin complicaciones y con buena analgesia.A descriptive and retrospective study of 30 patients with the diagnosis of strabismus that were operated on at the Service of Pediatric Ophthalmology and Strabismus of "Ramón Pando Ferrer" Ophthalmological Hospital by the technique of sub-Tenon's anesthesia from April 2003 to May 2004 was conducted.The following variables were analyzed: age, diagnostic entity and pain degree. It was found a predominance of the age range 20-39. Esotropia was the most frequent diagnosis. The pain degree was significant in the muscular traction and the sub-Tenon's anesthetic technique proved to be effective independently of the surgical technique applied, without complications and with good analgesia.

  12. Anestesia ambulatorial para radioterapia em paciente portador de miastenia gravis: relato de caso Anestesia ambulatorial para radioterapia en paciente portador de miastenia gravis: relato de caso Outpatient anesthesia for radiotherapy in a patient with myasthenia gravis: case report

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Raquel Marcondes Bussolotti

    2006-08-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A miastenia gravis (MG é doença auto-imune rara, caracterizada pela redução de receptores nicotínicos na junção neuromuscular, com incidência de 14/100.000. O objetivo deste relato foi descrever o caso de paciente portador de miastenia gravis submetido à anestesia geral balanceada, para tratamento radioterápico de carcinoma espinocelular de parótida, em regime ambulatorial. RELATO DO CASO: Paciente do sexo masculino, 87 anos, 87 kg, estado físico ASA III, com história de miastenia gravis; acidente vascular encefálico prévio (AVE; marca-passo por bloqueio atrioventricular total; hipertensão arterial sistêmica (HAS. Foram programadas sete sessões de radioterapia de 20 minutos para tratamento de tumor de parótida, sob anestesia geral. Na sala de radioterapia foi monitorizado com cardioscópio, monitor de pressão arterial não-invasiva, oxímetro de pulso, e submetido à anestesia geral com propofol e sevoflurano. Após a indução, foi mantido em ventilação espontânea com cânula de Guedel e cateter nasofaríngeo com O2 /sevoflurano, para acomodação da máscara imobilizadora. Na sala de recuperação pós-anestésica, não apresentou complicações. CONCLUSÕES: A escolha dos anestésicos e o acompanhamento clínico criterioso permitiram a boa evolução do paciente, com AVE prévio, cardiopata e idoso, submetido à anestesia geral balanceada para procedimento de aplicação de radioterapia, em regime ambulatorial.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: La Miastenia Gravis (MG es una enfermedad auto inmune rara, caracterizada por la reducción de receptores nicotínicos en la junción neuromuscular, con incidencia de 14/100.000. El objetivo de este relato fue el de describir el caso del paciente portador de miastenia gravis sometido a la anestesia general balanceada, para tratamiento radioterápico de carcinoma espinocelular de parótida en régimen ambulatorial. RELATO DEL CASO: Paciente del sexo masculino

  13. Anestesia para septoplastia e turbinectomia em paciente portador de doença de von Willebrand: relato de caso Anestesia para septoplastia y turbinectomia en paciente portador de enfermedad de von Willebrand: relato de caso Anesthesia for septoplasty and turbinectomy in von Willebrand disease patient: case report

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Múcio Paranhos de Abreu

    2003-06-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Embora a doença de von Willebrand seja o mais comum dos distúrbios hemorrágicos hereditários, as publicações nacionais, relacionando esta doença e a prática anestésica, são escassas. O objetivo deste relato é apresentar um caso de anestesia geral para septoplastia e turbinectomia em paciente portador de doença de von Willebrand - Tipo I, tratado profilaticamente com desmopressina (1-deamino-8-D-arginina vasopressina, DDAVP nos períodos pré e pós-operatório. RELATO DO CASO: Paciente com 19 anos, sexo feminino, 58 kg, portadora de hipotiroidismo, controlado com L-tiroxina (75 mg, e de doença de von Willebrand, que se manifestou há três anos, após extração dentária dos sisos, com sangramento persistente no período pós-operatório. Com o objetivo de se evitar novos episódios hemorrágicos nos períodos per e pós-operatório da cirurgia de septoplastia e turbinectomia a que foi submetida, a paciente foi tratada profilaticamente com desmopressina (0,3 µg.kg-1. A indução anestésica foi realizada com midazolam (2,5 mg, fentanil (150 µg, droperidol (2,5 mg, lidocaína (60 mg, atracúrio (30 mg e metoprolol (4 mg, seguida de intubação traqueal e ventilação sob pressão positiva intermitente. A manutenção da anestesia foi realizada com mistura de oxigênio e óxido nitroso a 50% e sevoflurano a 2%. Esta técnica proporcionou um bom controle da freqüência cardíaca e dos níveis pressóricos durante a cirurgia. A paciente permaneceu com tampão nasal por 24 horas e, quando este foi retirado, não houve sangramento. A paciente recebeu alta hospitalar no dia seguinte ao da cirurgia, sem intercorrências. Não houve episódio hemorrágico no período pós-operatório imediato ou tardio. CONCLUSÕES: O tratamento profilático com DDAVP associado à técnica anestésica utilizada nesse caso, mostrou-se eficaz no controle do sangramento per e pós-operatório.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: Aun cuando

  14. SINERGISMO FARMACODINÁMICO. A PROPÓSITO DE UN CASO INTERVENIDO QUIRÚRGICAMENTE DE URGENCIA BAJO ANESTESIA GENERAL.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Yesid Pallares Villarreal

    2004-01-01

    Full Text Available Presentamos una paciente femenina geriatrica con antecedentes de hipertensiòn arterial y trastornos psiquiatricos intervenida quirurgicamente de urgencia por un cuadro doloroso abdominal, con una interaccion farmacodinamica por sinergismo del doxepin y captopril potenciada por los efectos de la anestesia general. La hipotensiòn arterial fue la forma clínica de presentación. La paciente se recibió hipotensa por la administración preoperatoria de doxepin tratamiento de base y de captopril tratamiento impuesto por crisis hipertensiva antes de su llegada al hospital. Después de la inducción de la anestesia general desarrolla hipotensión arterial que sólo responde a la administración de noradrenalina. En un inicio se interpreta como un shock séptico en fase hipodinámica por el cuadro doloroso abdominal y la vasoplejia pero descartadas otras causas se concluye como hipotensión arterial de origen farmacológico con relación a la ingestión de antidepresivos triciclicos e inhibidores de la enzima convertora de angiotensina I en angiotensina II por su acción sobre el sistema nervioso simpático por potenciada por los agentes anestésicos. La paciente fue dada de alta del hospital satisfactoriamente a los 7 dias de operada.

  15. Imágenes en odontología clínica. Úlcera palatina post anestesia.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rodrigo Fernández

    2017-08-01

    Full Text Available Una mujer de 42 años de edad, acude a la consulta odontológica presentando una úlcera palatina de 2 semanas de evolución en relación al diente 2.6. Este diente se encuentra ausente debido a una exodoncia previa del mismo tiempo de evolución. La lesión ulcerada presenta de halo eritematoso, de 2 cm de diámetro, borde indurado y fondo limpio. Adicionalmente, la paciente describe haber recibido radioterapia como tratamiento para un carcinoma de tiroides y uso diario de Eutirox®. Se determinó el diagnóstico clínico de ulceración palatina posterior a anestesia infiltrativa. La lesión a nivel palatino fue controlada y tratada con anestésico local tópico, luego de lo cual cicatrizo por segunda intensión al cabo de 14 días. La aplicación de anestesia local, en raras ocasiones, puede causar ulceración y necrosis en el sitio de la inyección. Esto puede deberse a i los efectos de la isquemia localizada causada por la epinefrina o ii por una técnica anestésica defectuosa (inyección subperiostal o exceso de solución.

  16. Emprego do propofol, isofluorano e morfina para a anestesia geral de longa duração em bezerros

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alves G.E.S.

    2003-01-01

    Full Text Available Foram estudadas características da bioquímica do sangue, da pressão arterial e da freqüência de pulso de 12 bezerros mantidos sob anestesia por 13 horas, utilizando-se propofol para a indução e isofluorano para manutenção, associados à administração de morfina intra-tecal. Os valores de freqüência de pulso, pressão arterial e glicemia apresentaram pequenas variações e se mantiveram próximos dos valores de referência para bezerros anestesiados. Ao longo do período de anestesia houve aumento significativo, mas discreto, do hematócrito, hemoglobina, pCO2, CO2 total, bicarbonato e potássio. O pH do sangue, pO2, Na+ e Ca++ apresentaram reduções significativas. Este protocolo anestésico foi seguro para a manutenção de bezerros anestesiados por período prolongado.

  17. Fresh gas low flow anesthesia in dogs/ Anestesia com fluxo baixo de gases frescos em cães

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Newton Nunes

    2003-05-01

    Full Text Available With this work, the authors provide information about low flow anesthesia in dogs. They comment about the use of this technique, its advantages and disadvantages, and a comparative evaluation about volatile anesthetics regarding to their efficiency and safety when used in low flow anesthesia. Complementary, it was aimed to update the professionals that work with Veterinary Anesthesiology, through new papers and reports.Com este trabalho, os autores procuram fornecer informações sobre a anestesia com fluxo baixo em cães. São tecidas considerações relativas ao emprego da técnica, suas vantagens e restrições de uso, bem como a avaliação comparativa dos anestésicos voláteis quanto à sua eficiência e segurança quando utilizados sob anestesia com fluxo baixo de gases frescos. Complementarmente, procurou-se atualizar com literatura recente os conhecimentos dos profissionais que militam na área de Anestesiologia Veterinária.

  18. Anestesia para salpingectomia parcial bilateral em paciente com miocardiopatia hipertrófica idiopática: relato de um caso e revisão da literatura Anestesia para salpingectomía parcial bilateral en paciente con miocardiopatía hipertrófica idiopática: relato de un caso y revisión del literatura Anesthesia for partial bilateral salpingectomy in a patient with idiopathic hypertrophic cardiomyopathy: case report and review of the literature

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Sofia Del Castillo Sardi

    2010-02-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A miocardiopatia hipertrófica é uma doença cardíaca rara, com transmissão autossômica dominante e que se caracteriza pela hipertrofia do septo ventricular e pelas anormalidades da valva mitral. RELATO DO CASO: Paciente secundípara, de 25 anos, com diagnóstico de miocardiopatia hipertrófica há quatro anos e antecedente de asma leve intermitente controlada com inalações esporádicas de corticosteroides. Apresentava sopro holossistólico IV/VI plurifocal e importante escoliose, com os espaços intervertebrais palpáveis. Acusou palpitações esporádicas durante toda a gravidez e recebia medicação de 100 mg de atenolol por dia. Apresentava hemograma, creatinina e eletrólitos dentro dos limites normais, ecocardiograma com miocardiopatia hipertrófica de predomínio septal, com fração de ejeção sistólica de 0,76%. A paciente entrou em trabalho de parto de rápida evolução e nasceu criança viva, do sexo feminino, com APGAR 9/9 sem complicações maternas nem fetais. Foi realizada a programação para a realização de salpingectomia parcial bilateral. Em consulta, a paciente negou-se a receber anestesia para o procedimento. A técnica anestésica de eleição foi a regional combinada. O procedimento cirúrgico durou 20 minutos e as mudanças de pressão arterial junto com a frequência cardíaca foram 10% menores que as dos valores iniciais, sem complicações hemodinâmicas nem cirúrgicas imediatas. CONCLUSÕES: A mortalidade absoluta materna com miocardiopatia hipertrófica (MH é muito baixa e costuma aparecer em mulheres com fatores de alto risco. Não há evidências de que a anestesia regional aumente o risco em mulheres com MH quando é utilizada para o parto vaginal. Tanto a anestesia geral como a regional foram utilizadas com sucesso e sem complicações em cesarianas de parturientes com MH.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: La cardiomiopatía hipertrófica es enfermedad cardíaca rara, con transmisi

  19. Avaliação da anestesia com baixo fluxo de gases, comparando ventilação com pressão controlada à ventilação com tempo controlado - pressão limitada e fluxo constante de gases: modelo experimental em coelhos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bonetti Eliana

    2003-01-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Embora sejam amplamente conhecidas as vantagens que envolvem sistemas de anestesia com reinalação e baixo fluxo, estes ainda são pouco empregados em animais de pequeno porte e em pediatria. O modelo experimental deste estudo foi delineado, procurando-se avaliar a viabilidade do sistema com reinalação e fluxo de gases entre 500 e 1.000 ml.min-1 em animais de pequeno porte, bem como comparar a ventilação nos modos tempo controlado - pressão limitada e fluxo constante de gases, com a pressão controlada (PCV, em um novo equipamento desenvolvido para anestesia. MÉTODO: Dezesseis coelhos (fêmeas foram distribuídos aleatoriamente em dois grupos (GI e GII, anestesiados com halotano, e submetidos à ventilação controlada mecânica. Em GI, permitiam-se ajustes nos parâmetros ventilatórios do ventilador (pressão de pico inspiratório, freqüência respiratória e tempo inspiratório, de forma a manter normocapnia, volume corrente entre 6 e 8 ml.kg-1, e pH sangüíneo arterial entre 7,35 e 7,45. Em GII, os ajustes eram realizados somente no momento controle. RESULTADOS: Verificou-se reinalação de dióxido de carbono em ambos os grupos ao se avaliar o sistema com reinalação, independente do modo de ventilação. O pH sangüíneo arterial manteve-se dentro dos parâmetros fisiológicos no grupo GI, e no GII verificou-se acidose respiratória ao se avaliar o sistema com reinalação durante a ventilação com pressão controlada. CONCLUSÕES: Com os resultados obtidos conclui-se que este sistema circular, em fluxos entre 500 e 1.000 ml.min-1, é uma alternativa em anestesia em pacientes de baixo peso, desde que a monitorização necessária seja feita. A eficiência da ventilação dependeu primariamente dos parâmetros ventilatórios ajustados, da complacência e resistência das vias aéreas, e nem tanto do modo de ventilação escolhido.

  20. El estrabismo en el niño y anestesia Strabismus in the child and anesthesia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Joaquín L. de la Lastra Rodríguez

    2001-06-01

    Full Text Available Se analiza el manejo anestésico de 41 niños tratados por estrabismo con anestesia general, administrada a 37 de ellos por vía endotraqueal para la corrección quirúrgica y a los 4 restantes por vía intravenosa para la inyección de toxina botulínica (TBX tipo A en microdosis intraocular. Se destacan aspectos importantes de interés anestesiológico como son las implicaciones clínicas que pudieran resultar del manejo anestésico, los cuidados especiales que requieren estos pacientes, la importancia de la evaluación preoperatoria que considere aspectos de interés especial y propios, etc. No hubo complicaciones transoperatorias. El vómito fue la complicación posoperatoria vista en 6 pacientes y sólo 1 sometido a tratamiento quirúrgico requirió además del mantenimiento de una hidratación intravenosa con la administración de una dosis de dimenhidrinato, antihistamínico de fuerte acción antiemética. Se presenta el manejo anestésico para la inyección intraocular de microdosis de TBX tipo A realizada con buenos resultados con Atropina, Diazepán y Clorhidrato de Ketamina por vía intravenosa.The anesthetic management of 41 children with strabismus treated with general anesthesia is analyzed. 37 of them were administered intratracheal anesthesia for surgical correction and the other 4 intravenous anesthesia for the injection of an intraocular microdose of botulinum toxin A (TBX. Important aspects of anesthesiologic interest as the clinical implications that may result from the anesthetic management, the special care required by these patients, the importance of the preoperative evaluation that takes into account aspects of special interest, of the authors' interest and others, are stressed . There were no transoperative complications. Vomiting was the postoperative complication observed in 6 patients and only one of those who underwent surgery required besides the maintenance of an intravenous hydration the administration of a dose

  1. Dilemas bioéticos na prática da anestesia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Abelardo Garcia de Meneses

    2001-10-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: As relações da sociedade humana com o universo e a aplicação de novos conceitos éticos estudados por filósofos, fundamentalmente para acompanhar a evolução das ciências biomédicas, originaram a Bioética. O objetivo é tratar dos avanços nas relações humanas entre médicos e pacientes, propostos pelos princípios bioéticos em adição aos tradicionais princípios hipocráticos, aqui discutidos no particular da prática desta ciência fascinante a Anestesiologia. O presente trabalho visa estimular e aprofundar as discussões bioéticas na área da Anestesiologia. CONTEÚDO: São discutidos os limites entre o ato médico benevolente e não-maleficente, indissociavelmente comprometido com o bem-estar do paciente, os benefícios da conduta médica paternalista, visando à preservação da saúde e da vida, e do outro lado, o respeito à autonomia do cidadão-doente, potencial paciente, e o seu direito ao consentimento livre, renovável, revogável e plenamente esclarecido para quaisquer atos médicos. CONCLUSÕES: Com base no quanto é apresentado no presente trabalho o anestesiologista deve sempre decidir beneficentemente em defesa da saúde do indivíduo e da sacralidade da vida, entendendo os limites entre a autonomia do paciente e o direito do médico aplicar tratamento arbitrário à revelia da vontade daquele, em obediência aos princípios da beneficência e da não-maleficência, disponibilizando os benefícios da ciência médica (justiça em favor da vida, posto que, em anestesia muitas vezes, há um limite incompreensivelmente tênue entre vida e morte.

  2. Estudio comparativo retrospectivo de la técnica anestésica en la estenosis hipertrófica de píloro. Anestesia general versus regional

    OpenAIRE

    Garrido Gallego, María Isabel

    2015-01-01

    [ES]El papel de la anestesia espinal como primera elección en niños sigue siendo polémica y reservada a centros especializados. Ha sido utilizada de formas amplia en niños prematuros que se van a intervenir de hernia inguinal por debajo de la 60 semana postconcepción, para reducir la incidencia de apnea postoperatoria en comparación con la anestesia general. Existen muchos estudios en la literatura que avalan la seguridad y eficacia de la anestesia espinal en otros procedimi...

  3. Anestesia venosa total em paciente portador de Osteogênesis imperfecta: relato de caso Anestesia venosa total en paciente portador de Osteogénesis imperfecta: relato de caso Total intravenous anesthesia in Osteogenesis imperfecta patient: case report

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Francisco Nunes Pereira das Neves

    2004-10-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A Osteogênesis Imperfecta é uma doença genética rara do tecido conjuntivo, com prevalência de 1/10000, que primariamente envolve a ossificação endocondral, resultando em ossos frágeis, múltiplas fraturas e deformidades esqueléticas. O objetivo desse artigo foi relatar um caso de paciente portador de Osteogenesis Imperfecta, submetido à anestesia venosa total para tratamento cirúrgico de fratura de fêmur. RELATO DO CASO: Paciente do sexo masculino, 15 anos, 41 kg, 140 cm, com história de Osteogênesis Imperfecta e cardiopatia, programado para tratamento cirúrgico de fratura do fêmur. Na sala de operação foi monitorizado com ECG, FC, PANI e SpO2 e submetido à anestesia geral venosa total com propofol, alfentanil e cisatracúrio. Após IOT, foi acrescentada monitorização da P ET CO2 e da temperatura esofágica. No período intra-operatório e na sala de recuperação pós-anestésica não apresentou complicações. Teve alta hospitalar no 5º dia de pós-operatório. CONCLUSÕES: O presente relato mostrou boa evolução intra e pós-operatória de paciente com Osteogênesis Imperfecta submetido à anestesia geral venosa total. A complexidade da doença mostrou a necessidade de avaliação e monitorização adequada pelo anestesiologista.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: La Osteogénesis Imperfecta es una rara enfermedad genética del tejido conjuntivo, con prevalencia de 1/10000, que primariamente envuelve la osificación endocondral, resultando en huesos frágiles, múltiplas fracturas e deformidades esqueléticas. El objetivo de ese artículo fue relatar un caso de paciente portador de Osteogénesis Imperfecta, sometido a anestesia venosa total para tratamiento quirúrgico de fractura de fémur. RELATO DEL CASO: Paciente del sexo masculino, 15 años, 41 kg, 140 cm, con historia de Osteogénesis Imperfecta y cardiopatía, programado para tratamiento quirúrgico de fractura del fémur. En la sala de operaci

  4. Anestesia em paciente com síndrome de Rubinstein-Taybi: relato de caso Anestesia en paciente con síndrome de Rubinstein-Taybi: relato de caso Anesthesia in patient with Rubinstein-Taybi syndrome: case report

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Rogério Degrandi Oliveira

    2005-10-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A síndrome de Rubinstein-Taybi (SRT é uma doença genética causada por uma mutação ou apagamento do cromossomo 16, caracterizada por retardo físico e mental, anormalidades craniofaciais e hálux e polegares largos. Há pouca informação sobre esta síndrome na literatura anestésica. O objetivo deste relato foi apresentar a conduta anestésica em paciente submetido à cirurgia odontológica e discutir as características de interesse para a anestesia nesses pacientes. RELATO DO CASO: Paciente do sexo masculino, 9 anos, 28 kg, submetido à anestesia geral para extrações de dentes anormalmente posicionados. Apresentava as características típicas da SRT, retardo físico e mental, anormalidades craniofaciais e hálux e polegares largos. A anestesia foi induzida e mantida com sevoflurano, inicialmente sob máscara facial e após intubação nasotraqueal em ventilação assistida manual com sistema de Bain. Não houve intercorrências e a cirurgia foi realizada em regime ambulatorial. CONCLUSÕES: A importância da avaliação pré-anestésica é enfatizada, devido às malformações, inclusive cardíacas, associadas a esta síndrome. Este paciente, em particular, não apresentava comprometimento cardíaco, presente em um terço dos casos. É recomendável preparação para possível dificuldade de manutenção das vias aéreas.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: El síndrome de Rubinstein-Taybi (SRT es una enfermedad genética causada por una mutación o apagamiento del cromosoma 16, caracterizada por retardo físico y mental, anormalidades craneofaciales y hálux y pulgares anchos. Hay poca información sobre este síndrome en la literatura anestésica. El objetivo de este relato ha sido en presentar la conducta anestésica en paciente sometido a cirugía odontológica y discutir las características de interés para la anestesia en estos pacientes. RELATO DEL CASO: Paciente del sexo masculino, 9 años, 28 kg, sometido a

  5. Rabdomiólise em paciente obeso mórbido submetido a gastroplastia redutora e durante revascularização de membro superior em paciente pediátrico: relato de casos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Abrão Maria Angélica

    2006-01-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A rabdomiólise é uma síndrome que decorre da lesão ao músculo esquelético. Sua etiologia é ampla, trazendo um interesse particular, quando se manifesta como complicação intra ou pós-anestésica. O objetivo desse relato foi mostrar dois casos de rabdomiólise ocorridos no pós-operatório de intervenções cirúrgicas de longa duração, em pacientes com obesidade mórbida e lesão traumática, enfatizando a sua relação com a anestesia. RELATO DOS CASOS: O primeiro caso é de um paciente com 39 anos, obeso mórbido, IMC 62, submetido a gastroplastia redutora por laparotomia, sob anestesia geral. Apresentou, no pós-operatório, fraqueza muscular nos membros superiores e inferiores e alterações da sensibilidade. Evoluiu com dor muscular e urina avermelhada. O aumento dos níveis plasmáticos da enzima creatinocinase (CK confirmou o diagnóstico de rabdomiólise. Tratado com hidratação forçada e diurético, não evoluiu com insuficiência renal, porém teve alta com seqüela muscular e neurológica. O segundo caso apresenta uma criança de sete anos, vítima de acidente com porta de vidro, operada de urgência para revascularização do membro superior esquerdo. Apresentou mudança da coloração da urina, que se tornou avermelhada, durante a anestesia. Foram administrados bicarbonato de sódio e manitol por via venosa, com os objetivos de alcalinizar a urina e aumentar o débito urinário. Enviado ao CTI, onde foi confirmada a hipótese de rabdomiólise, pelo aumento da enzima CK e pela mioglobinúria. Obteve alta no 10º dia de internação, sem seqüelas. CONCLUSÕES: Os casos apresentados mostraram os fatores de risco da rabdomiólise e sua relação com a anestesia e a cirurgia. O diagnóstico precoce é importante, no sentido de um tratamento rápido e agressivo, a fim de se evitarem complicações mais graves.

  6. Anestesia en el Síndrome de Down con canal auricoloventricular común

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lincoln de la Parte Pérez

    1995-08-01

    Full Text Available Se realiza un estudio retrospectivo en 22 niños con síndrome de Down y canal auriculoventricular común, operados en el Cardiocentro del Hospital Pediátrico Docente "William Soler" durante el período 1986 a 1992. Dieciocho pacientes padecían de insuficientcia cardíaca (82 % y de éstos 16 (73 % de hipertensión pulmonar preoperatoria. Diez pacientes fallecieron en el posoperatorio para una mortalidad del 45 %.

  7. Anestesia en el Síndrome de Down con canal auricoloventricular común

    OpenAIRE

    Lincoln de la Parte Pérez; Blas Hernández Suárez; Arístides Yanes Calderón; Maura Pérez Rivero

    1995-01-01

    Se realiza un estudio retrospectivo en 22 niños con síndrome de Down y canal auriculoventricular común, operados en el Cardiocentro del Hospital Pediátrico Docente "William Soler" durante el período 1986 a 1992. Dieciocho pacientes padecían de insuficientcia cardíaca (82 %) y de éstos 16 (73 %) de hipertensión pulmonar preoperatoria. Diez pacientes fallecieron en el posoperatorio para una mortalidad del 45 %.

  8. Anestesia caudal en paciente quirúrgico menor de 6 años de edad: Estudio retrospectivo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Israel Pérez Pérez

    1999-12-01

    Full Text Available En el Hospital Pediátrico Docente "William Soler" se realizó un estudio retrospectivo de 50 pacientes en los que se aplicó la anestesia peridural vía caudal y se destacan como ventajas la seguridad y la sencillez de la técnica, una adecuada analgesia posoperatoria, un despertar tranquilo, un mínimo de complicaciones y una significativa reducción en los costos anestésicos.A retrospective study of 50 patients was undertaken in the Teaching Pediatric Hospital. They were applied caudal paridural anesthesia whose advantages such as safety, simplicity, adequate post-surgery analgesia, easy and relaxed wake-up, minimun adverse effects and significant reduction in anesthesia costs are all stressed.

  9. Padronização da anestesia em suínos para procedimentos cirúrgicos cardiovasculares experimentais

    OpenAIRE

    Geovanini, Glaucylara Reis; Pinna, Fábio R.; Prado, Flávio A. P.; Tamaki, Wagner Tetsuji; Marques, Euclides

    2008-01-01

    JUSTIFICATIVA E OBJETIVO: Embora sejam os cães os animais mais utilizados em Cirurgia Experimental, nota-se crescente utilização de ovinos, bovinos e suínos como modelos para experimentação científica. Assim, faz-se necessário maior aprendizado de seu tratamento e padronizações básicas para os procedimentos cirúrgicos mais complexos em suínos. O objetivo foi avaliar a sedação e analgesia, obtidas pela injeção intramuscular de midazolam e cetamina e anestesia local com lidocaína a 2% sem vasoc...

  10. Hiperpotassemia pela solução Euro-Collins na anestesia para transplante renal: relato de caso

    OpenAIRE

    Hirata, Eunice Sizue; Pereira, Rosa Inês Costa; Alves Filho, Gentil; Braga, Angélica de Fátima de Assunção

    2013-01-01

    OBJETIVOS: Descrever uma anestesia para transplante renal que se complicou com a elevação brusca de potássio, pela reperfusão do rim com solução Euro-Collins no campo operatório. Também será relatado o diagnóstico e o tratamento empregados nessa complicação. CONCLUSÃO: O uso de soluções de perfusão no campo cirúrgico requer cuidados na monitoração, como eletrocardioscopia e dosagem de potássio sérico, e disponibilidade para uso imediato de gluconato de cálcio, insulina e salbutamol. A substit...

  11. Anestesia venosa total em regime de infusão alvo-controlada: uma análise evolutiva

    OpenAIRE

    Nora,Fernando Squeff

    2008-01-01

    JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A anestesia venosa total (AVT) sofreu diversos avanços desde o início da utilização da técnica. Desde a síntese dos primeiros anestésicos venosos, com a introdução dos barbitúricos (1921) e do tiopental (1934), a AVT evoluiu até o desenvolvimento da AVT com auxílio de bombas com infusão alvo-controlada (IAC). O primeiro modelo farmacocinético para uso em IAC foi descrito por Schwilden em 1981. Foi demonstrado, a partir daí, que era possível manter a concentração pla...

  12. Feocromocitoma y anestesia: Revisión del tema a propósito de un caso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Yolanda Sotolongo Molina

    2002-12-01

    Full Text Available Se reporta el caso de un paciente al cual se le realizó resección de un feocromocitoma en el Instituto de Nefrología. Se describen sus antecedentes, anestesia general orotraqueal, control hemodinámico con lidocaína y nitropusiato de sodio y monitoreo transoperatorio empleado. Se realizó una revisión bibliográfica a través del Medline, a la luz de los conocimientos actuales de la atención perioperatoria, métodos anestésicos, terapéutica con vasodilatadores, bloqueadores alfa y beta adrenérgicos, sulfato de magnesio y bloqueadores de los canales de calcio utilizados en el paciente con feocromocitoma

  13. Efeito de agentes anti-hipertensivos sobre as células estreladas durante a regeneração hepática em ratos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ramalho Fernando S.

    2000-01-01

    Full Text Available O efeito de um inibidor da enzima conversora da angiotensina (lisinopril, de um antagonista do receptor da angiotensina II (losartan e da bradicinina na população de células estreladas (CE durante o fenômeno regenerativo hepático foi estudado. Ratos machos Wistar receberam lisinopril, losartan, bradicinina ou solução salina em volumes proporcionais, intraperitonealmente, antes e após hepatectomia parcial a 70% (HP. Cinco animais de cada grupo experimental e controle foram sacrificados sob anestesia com éter em 36 horas após a HP. A população de CE marcadas para alfa-actina de músculo liso foi estimada nas zonas periportal e pericentral das amostras hepáticas. A população de CE foi menor no grupo tratado com losartan, e maior nos grupos tratados com bradicinina e lisinopril que no grupo controle. Estes resultados sugerem que o losartan pode inibir, e a bradicinina e o lisinopril podem estimular a população de CE durante a regeneração hepática em ratos.

  14. Soluciones utilizadas en el tratamiento de la hipovolemia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vivian R. Mena miranda

    2001-06-01

    Full Text Available Se realizó una actualización sobre el uso de las sustancias más utilizadas en el reemplazo de volumen. Se plantea que la controversia entre el uso de cristaloides/coloides aún mantiene vigencia, aunque se trata de hallar la sustancia ideal que restablezca la volemia de forma adecuada, con el mínimo de reacciones adversas y costo. Dentro de los coloides se enfatizó en las desventajas del uso de la albúmina y su sustitución por otros expansores de volumen de tipo coloide, donde se encuentran las gelatinas y los almidones. Otro tipo de sustancias transportadoras de oxígeno están en fase de ensayo clínico, como son los fluorocarbonos y las hemoglobinas sintéticas, sin que se haya encontrado superioridad de tipo terapéutico.An updating on the most used substances in volume therapy is made. It is stated that the controversy aroused by the use of crystalloids/colloids is still standing, although efforts are made to find the ideal substance to reestablish volemia in an appropiate way with the minimum of adverse reactions and cost. As regards colloids, emphasis is made on the disadvantages of the use of albumin and its substitution by other colloid volume expanders, such as gelatins and starches. Other types of oxygen transporting substances as fluorocarbons and synthetic haemoglobins are under clinical assay. No therapeutic superiority has been found yet.

  15. Anestesia para cesariana em paciente com hiperplasia adrenal congênita: relato de caso Anestesia para cesárea en paciente con hiperplasia adrenal congénita: relato de caso Anesthesia for cesarean section in a patient with congenital adrenal hyperplasia: case report

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mrinalini Balki

    2004-12-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: O objetivo deste relato de caso é ilustrar a conduta anestésica para cesariana em paciente portadora da forma não clássica de hiperplasia adrenal congênita (HAC e revisar as manifestações clínicas e a conduta nas suas várias formas durante a gestação. RELATO DO CASO: Paciente primigrávida, 32 anos, portadora da forma não clássica de HAC foi admitida com quadro de retardo de crescimento intra-uterino, com 28 semanas de gestação. Suas características clínicas incluíam obesidade mórbida, hipertensão arterial leve e uso crônico de glicocorticóides. Com 29 semanas de gestação, a paciente foi submetida à cesariana de emergência sob raquianestesia, observando-se administração de esteróides no período peri-operatório. Mãe e recém-nascido apresentaram boa evolução. CONCLUSÕES: A conduta clínica em parturientes portadoras de HAC deve incluir no planejamento os efeitos da corticoterapia crônica, os sinais de insuficiência adrenal e a administração peri-operatória de esteróides. Em relação à anestesia é necessário considerar aspectos relacionados à obesidade e à hipertensão arterial. Uma abordagem multidisciplinar é necessária para garantir um bom resultado materno-fetal.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: El objetivo de este relato de caso es ilustrar la conducta anestésica para cesárea en paciente portadora de la forma no clásica de hiperplasia adrenal congénita (HAC y revisar las manifestaciones clínicas y la conducta en sus varias formas durante la gestación. RELATO DEL CASO: Paciente primípara, 32 años, portadora de la forma no clásica de HAC fue admitida con cuadro de retardo de crecimiento intrauterino, con 28 semanas de gestación. Sus características clínicas incluían obesidad mórbida, hipertensión arterial leve y uso crónico de glucocorticóides. Con 29 semanas de gestación, la paciente fue sometida a cesárea de emergencia bajo raquianestesia, observ

  16. Right-to-left shunt determination in dog lungs under inhalation anesthesia with rebreathing and non-rebreathing system Determinação de shunt venoso-arterial em pulmões de cães sob anestesia geral inalatória por sistemas com e sem reinalação

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    André Leguthe Rosa

    2006-12-01

    = 0,4. Os atributos analisados durante o experimento foram: freqüência cardíaca, pressão arterial média, shunt pulmonar venoso-arterial, hematócrito, hemoglobina, pressão parcial de oxigênio arterial, pressão parcial de oxigênio no sangue venoso misto, saturação de oxigênio no sangue venoso misto, pressão parcial de dióxido de carbono arterial e pressão de vapor de água nos alvéolos (P VA. RESULTADOS: A P VA foi significativamente maior em GII. A análise estatística dos valores encontrados de shunt mostrou que GI e GII apresentaram diferenças significativas, sendo que os resultados de GI são maiores que os de GII em todos os momentos avaliados. Já a análise de momentos dentro de um mesmo grupo não demonstrou diferenças. CONCLUSÃO: O sistema de anestesia sem reinalação com F I O2 = 0,9 desenvolveu maior grau de shunt pulmonar venoso-arterial que o sistema de anestesia com reinalação e F I O2 = 0,4. A umidificação dos gases em GII contribuiu para diminuir o shunt.

  17. Influência da concentração de benzocaína e do comprimento dos peixes na anestesia e na recuperação de tilápias-do-nilo Effect of benzocaine concentration and fish size on anesthesia and recovery in Nile tilapia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniel Okamura

    2010-05-01

    Full Text Available Com o objetivo de avaliar a influência da concentração de benzocaína na indução e recuperação da anestesia em tilápias-do-nilo (Oreochromis niloticus de diferentes comprimentos, desenvolveu-se um experimento em blocos casualizados, em esquema fatorial 4 × 4, composto de quatro comprimentos de peixes (6; 10; 14 e 18 cm de comprimento total e quatro concentrações de benzocaína (60; 120; 180 e 240 mg por litro de água. A indução e a recuperação da anestesia foram divididas em três estágios, de acordo com o comportamento dos peixes sob efeito do anestésico, registrando-se o tempo de permanência em cada estágio. As diferenças de comprimento não influenciaram de forma significativa os tempos de anestesia e recuperação. Regressões lineares com plateau foram geradas para estimar o ponto em que o aumento da dose deixou de ter efeito. Durante a indução à anestesia, o plateau ocorreu na concentração de 132 mg/L e o tempo estimado para atingir a sedação total (estágio 3 foi de 86 segundos. Para permanência do peixe sob sedação total, é necessária concentração de benzocaína de 190 mg/L e o tempo estimado de permanência neste estágio é de 91,1 segundos. Concentrações superiores a 190 mg de benzocaína por litro de água não produzem efeitos que justifiquem seu emprego.To evaluate the influence of benzocaine concentration on the induction and recovery from anesthesia in different sized Nile tilapia (Oreochromis niloticus, it was developed a random block experiment design in 4 × 4 factorial consisted of four fish lengths (6; 10; 14 and 18 cm total lenght and four benzocaine concentrations (60; 120; 180 and 240 mg of benzocaine per liter of water. The induction and the recovery from anesthesia were divided in three stages based on the behavior of the fishes under anesthetic effect. The time spent in each stage was recorded. Differences in length did not affect significantly the anesthesia and recovery time

  18. Anestesia para paciente portadora de múltiplas afecções endócrinas: relato de caso Anestesia para paciente portadora de múltiples afecciones endocrinas: relato de caso Anesthesia in a patient with multiple endocrine abnormalities: case report

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renato Toledo Maciel

    2008-04-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: O insulinoma é o tumor endócrino pancreático mais comum. Pode estar associado a neoplasias endócrinas múltiplas (NEM. Relatou-se o caso de paciente com distúrbios endócrinos múltiplos que, no entanto, não se enquadram em síndromes (NEM já conhecidas e com particularidades clínico-anestésicas que influenciaram no manuseio de sua anestesia. RELATO DO CASO: Paciente feminina, 23 anos, apresentando hipoglicemias de difícil controle associadas à doença de Cushing e prolactinoma, sem sintomas compressivos hipofisários e com estudos de tireóide e de paratireóides sem alterações. A investigação laboratorial encontrou massa retroperitoneal de etiologia desconhecida que, relacionada à situação clínica, levou a hipótese de insulinoma. Relatava ainda ser testemunha de Jeová. A proposta terapêutica era biópsia da massa por videolaparoscopia e enucleação do insulinoma. Ao exame: obesa, dentes protrusos, Mallampati 3 e sintomas de apnéia obstrutiva do sono. Nos exames laboratoriais, o resultado relevante foi o hematócrito de 58%. Recebeu midazolam (7,5 mg e clonidina (200 µg via oral como medicação pré-anestésica. A indução anestésica foi realizada com fentanil (150 µg, clonidina (90 µg, propofol (150 mg e pancurônio (8 mg, sendo realizada a intubação traqueal sem problemas. Foram estabelecidos acesso venoso central e monitoração invasiva da pressão. Mantida infusão de glicose 5% com eletrólitos e monitorada a glicemia capilar a cada 30 minutos, que não acusou episódios de hipoglicemia durante a intervenção cirúrgica. Manteve-se hemodinamicamente estável mesmo durante o pneumoperitônio. No pós-operatório apresentou episódios de hipoglicemia que motivaram sua reoperação. CONCLUSÕES: A singularidade do caso está na conjunção de múltiplas endocrinopatias e de particularidades do manuseio cirúrgico-anestésico. A exérese do insulinoma deve ser monitorada no intra

  19. Anestesia para o recém-nascido submetido a cirurgia cardíaca com circulação extracorpórea Anestesia para el recién nacido sometido a cirugía cardiaca con circulación extracorpórea Anesthesia for the newborn submitted to cardiac surgery with cardiopulmonary bypass

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sérgio Bernardo Tenório

    2005-02-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: As doenças congênitas do coração atingem 0,8% dos recém-nascidos (RN vivos, sendo que muitos necessitam de correção cirúrgica ainda no período neonatal. A cirurgia cardíaca com circulação extracorpórea (CEC, nesta faixa etária, associa-se a maior incidência de complicações, devido à imaturidade funcional da criança, à falta de equipamentos de CEC que sejam totalmente compatíveis com as dimensões do RN e às dificuldades técnicas para correção da lesão cardíaca. Este artigo tem o propósito de apresentar os aspectos relacionados à técnica anestésica, a CEC e seus efeitos em RN. CONTEÚDO: Elevadas doses de fentanil ou sufentanil provêm adequada anestesia sem interferir na estabilidade cardiocirculatória. A depressão respiratória residual dos opióides não é problema neste grupo de pacientes porque a maioria necessita assistência respiratória no pós-operatório imediato. A entrada em CEC pode ser acompanhada de hipotensão arterial por manipulação do coração e/ou sangramento. O posicionamento inadequado das cânulas venosas e aórtica pode causar sérias complicações, como insuficiente fluxo encefálico ou dificuldade na drenagem venosa. São comuns a utilização de hipotermia profunda e a parada circulatória total durante a CEC. A hipotermia modifica a viscosidade do sangue que é tratada com hemodiluição e traz implicações para a correção do pH (alfa-stat versus pH stat. No desmame da CEC é freqüente ocorrer baixo débito cardíaco e ajustes em um ou em todos os seus componentes ( pré-carga, contratilidade, pós-carga e freqüência cardíaca podem ser necessários. Além das drogas clássicas, como a adrenalina e a dopamina, pode ser necessário o emprego de outras substâncias como a aprotinina, o óxido nítrico ou os inibidores da fosfodiesterase. CONCLUSÕES: O anestesiologista tem papel preponderante no ajuste da homeostasia durante o período peri

  20. Niveles perioperatorios de quinurenina: efectos de la anestesia general VS regional

    OpenAIRE

    Sanllorente Sebastián, Rodrigo

    2015-01-01

    El cáncer de mama es una de las principales causas de fallecimiento por cáncer. No obstante, muchas de estas muertes son debidas a la aparición de implantes tumorales a distancia con el tiempo. Esto se debe a la existencia de la liberación de células tumorales al torrente sanguíneo, también durante la cirugía. La inmunosupresión perioperatoria en los pacientes oncológicos favorece la aparición de estas metástasis . En los últimos años, estudios retrospectivos en humanos sugieren una me...

  1. Colecistectomía con anestesia local como recurso en el paciente anciano Cholecystectomy with local anesthesia as a resource in the elderly

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roberto Del Campo Abad

    2011-03-01

    Full Text Available Ante un paciente con colecistitis aguda lo ideal es extirpar la vesícula biliar. A veces se presentan situaciones especiales en ancianos desnutridos, con deterioro de su estado general, en los que una intervención con anestesia prolongada, incluso con medios pocos invasivos como la videocirugía, pone en peligro la vida del enfermo. En tales casos la colecistectomía con anestesia local es una alternativa que se puede considerar.In the case of a patient presenting with acute cholescystectomy ideally is to remove the gallbladder. Sometimes there are special situations in malnourished elderlies with deterioration of its general status in whom a lengthy anesthesia intervention, even using not much invasive means as the videosurgery, put at risk the life of patient. In such cases the cholescystectomy with local anesthesia is an alternative that must to be taken into account.

  2. Anestesia en la tetralogía de Fallot Anesthesia in the tetralogy of Fallot

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lincoln de la Parte Pérez

    2004-12-01

    Full Text Available Se presenta una revisión bibliográfica sobre las características fundamentales de esta enfermedad, la repercusión hemodinámica que produce, las complicaciones que se presentan durante el preoperatorio, los defectos asociados a esta, el tratamiento preoperatorio y el manejo anestésico que se utiliza. Estos pacientes que se programan para una reconstrucción anatómica, están en el mejor de los casos sólo compensados parcialmente, por lo que pueden presentar inestabilidad hemodinámica con la administración de los agentes anestésicos, especialmente durante la inducción anestésica. Por todo lo anterior es que deben ser atendidos con delicadeza y cuidado extremo para evitar empeorar la disfunción cardiovascular preexistente, que crearía un ciclo de agravamiento de la hipoxia, acidosis y disminución del gasto cardíaco.A bibliographic review of the main characteristics of this disease, the hemodynamic repercussion it produces, the complications appearing during the preoperatory, the defects associated with it, the preoperative treatment and the anesthetic management used in it, is made. These patients that are scheduled for an anatomical reconstruction are at best only partially compesated, so they can present hemodynamic unstability with the administration of anesthetic agents, specially during anesthetic induction. Taking all this into account, they should receive a delicate and extremely careful attention so as not to worsen the preexisting cardiovascular dysfunction that will create a cycle of severeness of hypoxia, acidosis and reduction of the cardiac output.

  3. Anestesia em paciente portador de deficiência de glicose-6-fosfato-desidrogenase: relato de caso Anestesia en paciente portador de deficiencia de glicosa-6-fosfato-desidrogenasa: relato de caso Anesthesia in glucose 6-phosphate dehydrogenase-deficient patient: case report

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Múcio Paranhos de Abreu

    2002-11-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A Deficiência de Glicose-6-Fosfato-Desidrogenase (G6PD é uma enzimopatia relativamente comum, mas as publicações relacionando essa condição com a anestesia são escassas. O objetivo deste relato é apresentar um caso de paciente portador de Deficiência de G6PD, submetido à tenotomia para alongamento de tendão de Aquiles, sob anestesia venosa associada à bloqueio subaracnóideo. Relato do caso: Paciente masculino, 9 anos, 48 kg, portador de deficiência de G6PD e polineuropatia periférica, submetido à tenotomia de tendão de Aquiles, sob anestesia geral venosa com midazolam, propofol e fentanil , associada à bloqueio subaracnóideo com bupivacaína hiperbárica a 0,5%. Ao final da cirurgia o paciente despertou tranqüilo, sem dor ou outras queixas, evoluiu bem, recebendo alta hospitalar sem intercorrências. CONCLUSÕES: Pela evolução do caso relatado, a anestesia subaracnóidea com bupivacaína associada à anestesia venosa total com propofol, mostrou ser uma técnica segura em pacientes portador de deficiência de G6PD.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: - La Deficiencia de Glucosa-6-Fosfato-Desidrogenasa (G6PD es una enzimopatia relativamente común, más las publicaciones relacionando esa condición con la anestesia son escasas. El objetivo de este relato es presentar un caso de un paciente portador de Deficiencia de G6PD, sometido a tenotomia para alongamiento de tendón de Aquiles, bajo anestesia venosa asociada al bloqueo subaracnóideo. RELATO DEL CASO: Paciente masculino, 9 años, 48 kg, portador de deficiencia de G6PD y polineuropatia periférica, sometido a tenotomia de tendón de Aquiles, bajo anestesia general venosa con midazolam, propofol y fentanil asociada a bloqueo subaracnóideo con bupivacaína hiperbárica a 0,5%. Al final de la cirugía el paciente despertó tranquilo, sin dolor u otras quejas, evoluyó bien, recibiendo alta hospitalar sin interocurrencias. CONCLUSIONES: Por la evolución del

  4. Anestesia local para tratamento cirúrgico de hérnia inguinal unilateral pela técnica de Lichtenstein

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roberta Costa Vargas

    2015-10-01

    Full Text Available A hérnia inguinal é afecção muito prevalente com impacto sócio-econônimo relevante no mundo e também no nosso meio, acometendo aproximadamente 1,5% da população geral e 5% da população do sexo masculino. O tratamento recomendado é o cirúrgico o qual tem passado por importantes avanços nas últimas duas décadas. Diferentes técnicas anestésicas têm sido propostas para a realização desses procedimentos, incluindo a anestesia local, regional e a geral. O objetivo deste relato é apresentar o caso de paciente com hérnia inguinal unilateral, submetido à hernioplastia inguinal sob anestesia local. O paciente é homem, cinquenta e quatro anos, diabético e portador de glaucoma, sem antecedentes anestésico cirúrgicos, o queal foi submetido à correção de hérnia inguinal direita por uma hora sob anestesia local acompanhada de sedação, sem qualquer complicação intra ou pós-operatória pela técnica de Lichtenstein. A anestesia local com sedação mostra-se um método seguro, eficaz, com baixos índices de complicações imediatas e alto índice de satisfação para pacientes selecionados, portadores de hérnia inguinal.

  5. Alterações eletrocardiográficas em cães pré-medicados com levomepromazina e submetidos à anestesia por propofol e sevoflurano

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Selmi A.L.

    2002-01-01

    Full Text Available Avaliaram-se as variáveis eletrocardiográficas em cães submetidos à anestesia pelo sevoflurano. Foram empregados 16 cães clinicamente sadios, adultos, machos ou fêmeas, com peso médio de 15±3,5kg. Administrou-se levomepromazina (1,0 mg/kg seguida pela administração de propofol (5,0 mg/kg, ambos pela via endovenosa. Os animais foram intubados e submetidos à anestesia inalatória com sevoflurano diluído em oxigênio, através de circuito semi-fechado na concentração de 3,5V%. As aferições das freqüências cardíaca e respiratória, oximetria, capnometria, pressões arteriais sistólica, diastólica e média e das variáveis eletrocardiográficas foram realizadas imediatamente antes da administração da levomepromazina, 15 minutos após e imediatamente antes da administração do propofol, após 15 minutos da administração do agente inalatório e consecutivamente a cada 20 minutos. Após administração de levomepromazina, propofol e sevoflurano observou-se decréscimo das pressões arteriais sistólica e média. A levomepromazina ocasionou prolongamento do intervalo QT. O sevoflurano promoveu prolongamento da onda P e aumento de sua amplitude aos 70 e 130 minutos de anestesia, respectivamente, além de prolongamento do intervalo QT. Concluiu-se que a anestesia por sevoflurano, nas condições deste experimento, promoveu prolongamento do intervalo QT, sem no entanto incorrer em arritmias.

  6. Procedimientos de asistencia odontológica hospitalaria en pacientes discapacitados psíquicos no colaboradores tratados con anestesia general

    OpenAIRE

    Hernán Pérez de la Ossa, Tomás

    2016-01-01

    La literatura existente acerca del manejo odontológico de pacientes discapacitados es escasa. El tratamiento de estos pacientes se realiza frecuentemente bajo anestesia general y en un medio hospitalario. La población de discapacitados psíquicos representa un grupo con una alta incidencia de patologías orales. La falta de diagnostico y las diferencias en el tratamiento contribuyen al empeoramiento de su salud oral y justifica la existencia de unidades especificas para estos pacientes...

  7. Anestesia em paciente portador de distrofia muscular de Duchenne: relato de casos Anestesia en un paciente portador de distrofia muscular de Duchenne: relato de casos Anesthesia for Duchenne muscular dystrophy patients: case reports

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rodrigo Machado Saldanha

    2005-08-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Este estudo objetiva relatar dois casos de anestesia em pacientes portadores de Distrofia Muscular de Duchenne (DMD, uma doença rara, progressiva e incapacitante, e discutir sobre a conduta anestésica. O comprometimento das funções pulmonar e cardíaca, a possibilidade de ocorrência de hipertermia maligna, a maior sensibilidade aos bloqueadores neuromusculares e o aumento da morbidade pós-operatória são alguns dos desafios enfrentados pelo anestesiologista. RELATO DOS CASOS: O primeiro caso foi o de um paciente pediátrico com diagnóstico de DMD e rabdomiossarcoma, agendado para exérese da lesão e esvaziamento cervical ampliado. Na avaliação pré-anestésica (anamnese, exame clínico e exames complementares não foram detectadas alterações, exceto pela tumoração cervical. Optou-se pela técnica venosa total, com remifentanil em infusão contínua e propofol em infusão alvo-controlada, sem a utilização de bloqueadores neuromusculares. O procedimento cirúrgico teve duração de 180 minutos, sem intercorrências. O segundo caso foi de um paciente do sexo masculino, 24 anos, com diagnóstico de DMD e colelitíase com indicação cirúrgica, cuja avaliação pré-operatória revelou pneumopatia restritiva grave, com diminuições da capacidade e da reserva respiratórias, sendo necessário o uso de BIPAP nasal noturno. Neste paciente, optou-se pela intubação traqueal com sedação mínima e anestesia tópica, seguida pela técnica venosa total com remifentanil em infusão contínua e propofol em infusão alvo-controlada, sem a utilização de bloqueadores neuromusculares. Ao término, o paciente foi extubado ainda na sala de operações e imediatamente colocado no BIPAP nasal. Encaminhado à UTI, com alta no 2º PO e alta hospitalar no 3º PO. CONCLUSÕES: A anestesia venosa total com infusão contínua de propofol e remifentanil sem bloqueadores neuromusculares constitui-se em opção segura e

  8. Anestesia para correção intra-útero de mielomeningocele: relato de caso Anestesia para corrección intra-útero de mielomeningocele: relato de caso Anesthesia for intrauterine myelomeningocele correction: case report

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Angélica de Fátima de Assunção Braga

    2005-06-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A cirurgia fetal constitui tratamento de malformações no período pré-natal, que não são adequadamente corrigidas após o nascimento e tem como objetivo tratar ou evitar a progressão das anomalias. O objetivo deste relato é apresentar um caso de anestesia para correção intra-útero de mielomeningocele. RELATO DO CASO: Paciente com 19 anos, 23 semanas de idade gestacional, sem antecedentes anestésicos, estado físico ASA I, submetida à cirurgia fetal intra-uterina, sob anestesia geral associada à peridural contínua. No pré-operatório utilizaram-se indometacina (50 mg por via retal, metoclopramida (10 mg por via venosa, cimetidina (50 mg por via venosa, e como medicação pré-anestésica midazolam (2 mg por via venosa. No espaço peridural injetou-se bupivacaína a 0,25% com adrenalina (25 mg associada à fentanil (100 µg, seguida de passagem de cateter cefálico, para analgesia pós-operatória. O útero foi mantido deslocado para esquerda com auxílio da cunha de Crawford. Indução anestésica em seqüência rápida, com fentanil, propofol e rocurônio e manutenção com isoflurano em concentração de 2,5% a 3% veiculado em O2 e N2O (50%. Após histerotomia, realizada com staplin (grampeadores para promover hemostasia, a região fetal a ser operada foi exposta e a analgesia e imobilidade fetal, foram obtidas com a associação fentanil (10 µg.kg-1 e pancurônio (0,1 mg.kg-1 administrada na região glútea fetal. A pressão arterial sistólica materna foi mantida acima de 100 mmHg, com efedrina em bolus (5 mg, colóides e cristalóides. O líquido amniótico perdido foi substituído por solução fisiológica aquecida. Após correção do defeito fetal, procedeu-se ao fechamento uterino e da membrana amniótica em dois planos, com fio de vicryl e cola de fibrina. Seguiu-se a diminuição gradativa da concentração do isoflurano, e para a manutenção do relaxamento uterino utilizou-se sulfato de

  9. Procesamiento visual temprano durante la rivalidad binocular

    OpenAIRE

    de Labra Pinedo,Carmen

    2011-01-01

    [Resumen] La tesis presentada se centro en estudiar los correlatos neurales de la conciencia visual empleando para ello tecnicas no invasivas electricas (potenciales evocados visuales, VEPs) y opticas durante la rivalidad binocular. En los experimentos de rivalidad binocular dos imágenes diferentes se presentan a cada ojo, causando dos interpretaciones perceptuales alternativas. Debido a que los cambios en la percepcion ocurren a pesar de que el estimulo visual es constante, e...

  10. Pneumoencéfalo após anestesia peridural: relato de caso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Angélica de Fátima de Assunção Braga

    2001-01-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: O bloqueio peridural constitui técnica utilizada para alívio da dor durante o trabalho de parto. Apesar das vantagens, não é isenta de complicações, como, por exemplo, o pneumoencéfalo. O objetivo deste relato é apresentar um caso de pneumoencéfalo iatrogênico, diagnosticado após bloqueio peridural, com punção acidental de duramáter. RELATO DO CASO: Paciente de 16 anos, estado físico ASA I, sem antecedentes anestésicos, submetida a bloqueio peridural contínuo para analgesia de parto. Após várias tentativas de punções no espaço L3-L4, ocorreu punção acidental de duramáter. Optou-se por nova punção peridural em L2-L3, sem sucesso. Foi tentada outra punção em L3-L4, e após identificação do espaço peridural empregando-se a técnica da perda da resistência com ar, injetou-se o anestésico local e fentanil, seguido de passagem do cateter. Após 20 minutos da instalação do bloqueio, ocorreu sofrimento fetal, com indicação de cesariana, sendo administrada dose complementar de anestésico local pelo cateter. A paciente permaneceu hemodinamicamente estável e consciente durante a cirurgia, com lenta recuperação do bloqueio motor (14 h. No pós-operatório, apresentou dois episódios de crise convulsiva, com intervalo de 12 horas entre eles, que reverteram espontaneamente. A avaliação neurológica era normal e a tomografia computadorizada revelou imagem com densidade de ar compatível com pneumoencéfalo. A paciente teve alta três dias após, sem seqüelas. CONCLUSÕES: O caso confirma a possibilidade de se causar pneumoencéfalo iatrogênico durante a realização de bloqueio peridural, empregando-se a técnica da perda de resistência ao ar para a identificação do espaço peridural. Na presença de sinais e sintomas de irritação meníngea, a tomografia computadorizada é o meio diagnóstico recomendado para o diagnóstico diferencial entre pneumoencéfalo e as demais causas.

  11. Utilidade da ecocardiografia transeofageana durante hipotensão arterial grave em cirurgia não cardíaca Utilidad de la ecocardiografía transeofageana durante hipotensión arterial severa en cirugía no cardiaca Utility of transesophageal echocardiography during severe hypotension in non-cardiac surgery

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cabrera Schulmeyer

    2010-10-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Hipotensão arterial grave e refratária é uma ocorrência perioperatória rara em cirurgias não cardíacas, mas a determinação de sua etiologia é essencial para o tratamento bem-sucedido. MÉTODOS: Adultos submetidos a cirurgias não cardíacas foram incluídos prospectivamente neste estudo. Hipotensão arterial grave foi definida como uma queda de 30% em relação à pressão arterial sistólica basal que não respondeu à administração adequada de fluidos e efedrina, de acordo com critérios do anestesiologista. Uma sonda multiplanar de ecocardiografia transesofageana (ETE foi inserida antes de qualquer outro monitoramento hemodinâmico invasivo. RESULTADOS: Quarenta e dois adultos (68 ± 12 anos foram incluídos neste estudo, 84% durante a cirurgia não cardíaca eletiva. Cirurgias abdominais (abertas e laparoscópicas, torácicas e ortopédicas foram as mais frequentes. Em todos os pacientes, a ETE foi útil para a determinação da etiologia da hipotensão arterial grave. Hipovolemia foi diagnosticada em 18 pacientes (42%. Baixa fração de ejeção (FE JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: La hipotensión arterial severa y refractaria es una incidencia rara en Cirugías no cardiacas, pero determinar su etiología es esencial para el tratamiento exitoso. MÉTODOS: Adultos sometidos a cirugías no cardiacas que fueron incluidos prospectivamente en este estudio. La hipotensión arterial severa fue definida como una caída de un 30% con relación a la presión arterial sistólica basal que no respondió a la administración adecuada de fluidos y efedrina, de acuerdo con critérios del anestesiólogo. Una sonda multiplanar de ecocardiografía transesofageana (ETE se insertó antes de cualqueir otro monitoreo hemodinámico invasivo. RESULTADOS: Cuarenta y dos adultos (68 ± 12 años se incluyeron en este estudio, 84% durante la Cirugía no cardiaca electiva. Cirugías abdominales (abiertas y laparoscópicas, torácicas y

  12. Tumores Productores de Aminas Simpáticas en el Niño y Anestesia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Joaquín L de la Lastra Rodríguez

    1999-09-01

    Full Text Available Los tumores que producen exageradamente aminas simpáticas son el feocromocitoma y algunos neuroblastomas, ganglioneuroblastomas y ganglioneuromas. Esta situación clínica añade al riesgo quirúrgico una connotación especial por los peligros de hipertensión arterial paroxística, arritmias e insuficiencia cardíaca y otras complicaciones que amenazan la vida del paciente durante el proceder anestésico. Para evitar esto es importante la preparación preoperatoria en la que se realiza un bloqueo alfaadrenérgico y 24 horas después un bloqueo betaadrenérgico para el control de la hipertensión arterial, la taquicardia y las otras manifestaciones de la actividad simpática aumentada. También es necesario contar con una serie de medidas apropiadas durante el manejo anestésico, para hacerle frente a episodios de hipertensión arterial y de hipotensión arterial paroxísticos y posible aparición de arritmias cardíacas. En el presente trabajo se expone la experiencia en el manejo de un niño de 7 años de edad que presentaba de un tumor localizado en una glándula suprarrenal con diagnóstico de feocromocitomaTumors producing an exaggerated amount of sympathetic amines are the pheochromocytoma and some neuroblastomas, ganglioneuro-blastomas and ganglioneuromas. This clinical situation gives the surgical risk a special connotation due to the dangers of paroxysmal arterial hypertension, arrhytmias, heart failure and other complications that threaten the patient´s life during the anesthetic procedure. To prevent this, it is important to make an a-adrenergic blockade first and 24 hours later a b-adrenergic blockade as part of the preoperative preparation to control arterial hypertension, tachycardia and other manifestations of the increased sympathetic activity. It is also necessary to take a series of appropiate measures during the anesthesia management to face paroxysmal episodes of arterial hypertension and hypotension, as well as the

  13. Anestesia tópica em recém nascidos prematuros: uma reflexão acerca da subutilização deste recurso na prática clínica Topical anesthesia in preterm neonate: a reflection on the underutilization in clinical practice

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliana de Oliveira Marcatto

    2010-03-01

    Full Text Available Recém nascidos prematuros são submetidos a muitos procedimentos invasivos dolorosos durante o período de internação, necessários à manutenção da estabilidade clínica. Uma boa opção a ser considerada no tratamento de intervenções que causam dor de intensidade leve a moderada é a anestesia tópica, que tem como vantagem a ausência de efeitos sistêmicos. No Brasil o medicamento tópico disponível e mais utilizado para essa situação é a mistura eutética de lidocaína e prilocaína (EMLA®. Sua eficácia para o tratamento da dor durante procedimentos cutâneos é bem estabelecida em crianças e adultos. A utilização em neonatos tem sido investigada pela comunidade científica também em decorrência do risco aumentado para desenvolvimento de metemoglobinemia. Os procedimentos mais realizados em recém-nascidos nos quais a anestesia tópica poderia ser indicada como terapia principal são: punção venosa e arterial, punção de calcanhar, punção lombar e a instalação de cateter percutâneo. Os estudos realizados até então tem levado a diferentes conclusões, dependendo principalmente do procedimento a ser realizado e em função de metodologias muito diversificadas. A alternativa de uma avaliação direta da experiência dolorosa poderia minimizar o viés metodológico permitindo uma avaliação mais precisa da eficácia da anestesia tópica assim como comparar os métodos indiretos utilizados até então.Premature neonates are customarily submitted to invasive painful procedures during their stay in NICUs that are necessary to maintain their clinically stability. Topical anesthesia is a good option to be considered in the treatment of interventions that lead to mild to moderate pain and has the advantage of no systemic effects. In Brazil the most known topical anesthetic available for use is the eutectic mixture of local anesthetics (EMLA® cream. Its efficacy in the treatment of cutaneous painful procedures is well

  14. Relato de caso: anestesia em paciente portador de distrofia torácica asfixiante: Síndrome de Jeune

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Deise Saletti

    2012-06-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Síndrome de Jeune, ou Distrofia Torácica Asfixiante, é uma doença autossômica recessiva. Esta síndrome é caracterizada por uma displasia óssea com variadas anormalidades: torácica, pancreática, cardíaca, hepática, renal e da retina. A idade em que o quadro clínico dos pacientes se apresenta está correlacionada com a gravidade da doença. Esses pacientes apresentam policondrodistrofia com costelas largas, curtas, horizontais e junções costocondrais irregulares levando a uma caixa torácica rígida e reduzida com grau de injúria respiratória variado. RELATO DO CASO: Paciente do sexo masculino, 4 meses, 7 kg, portador de Distrofia Torácica Asfixiante. Apresentava-se intubado e com caixa torácica reduzida. Ecocardiograma: hipertensão pulmonar leve. Tomografia de tórax: hipoplasia pulmonar. Submetido à toracoplastia bilateral e toracotomia sob anestesia geral. Manutenção da anestesia: infusão contínua de sufentanil e sevoflurano. Parâmetros ventilatórios: ventilação mecânica ciclada à pressão. Com a abertura do tórax, houve melhora dos parâmetros ventilatórios e, após o posicionamento da prótese torácica, observou-se limitação ventilatória. Decidiu-se pela diminuição da prótese torácica com consequente melhora da ventilação. CONCLUSÕES: É imprescindível o diagnóstico de todas as anormalidades presentes para o correto manejo anestésico. Foi necessária observação para adequar ventilação pré- e pós-toracotomia/toracoplastia e para manter o paciente hemodinamicamente estável. A forma mais adequada para ventilação mecânica é a ciclada à pressão para vencer a barreira mecânica. No intraoperatório, é desejável manter o pico de pressão inspiratória o mais baixo possível para minimizar o risco de barotrauma, de impedimento do retorno venoso e diminuição do débito cardíaco.

  15. Anestesia en la cirugía laparoscópica abdominal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jorge Enciso Nano

    2013-01-01

    Full Text Available El desarrollo tecnológico alcanzado permite realizar cirugía de acceso mínimo que con anterioridad requerían grandes incisiones, con elevada morbilidad y traumatismo para el paciente. Junto con la evolución de los medios técnicos e instrumental para este tipo de cirugía, también la anestesiología ha tenido que enfrentar nuevos retos. La monitorización, drogas y el manejo anestésico del paciente han sufrido modificaciones, pues las nuevas variaciones fisiológicas y de complicaciones quirúrgicas han traído consigo cambios importantes en los parámetros hemodinámicos y respiratorios, debidos a la insuflación de la cavidad peritoneal con CO2, el aumento de la presión intraabdominal y los cambios de posición durante el procedimiento.

  16. Anestesia peribulbar com ropivacaína: estudo da ação vasoconstritora Anestesia peribulbar con ropivacaína: estudio de la acción vasoconstrictora Ropivacaine in peribulbar anesthesia: vasoconstrictive properties

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Catia Sousa Govêia

    2010-10-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A anestesia peribulbar pode reduzir o fluxo sanguíneo ocular (FSO por elevação da pressão intraocular (PIO ou ação de fármacos. A ropivacaína tem baixa toxicidade e ação vasoconstritora intrínseca ainda não comprovada sobre vasculatura ocular. Medidas da amplitude de pulso ocular (APO permitem avaliação indireta do FSO. O objetivo deste estudo é avaliar, via FSO, a ação vasoconstritora da ropivacaína em anestesia peribulbar. MÉTODO: Quarenta olhos submetidos a bloqueio peribulbar com 7 mL de solução anestésica, sem vasoconstritor, foram separados aleatoriamente em dois grupos: ropivacaína (n = 20 e bupivacaína (n = 20. Foram avaliados PIO, pressão de perfusão ocular (PPO, APO, variáveis hemodinâmicas e grau de acinesia antes e aos 5 e 10 minutos após bloqueio peribulbar. Para avaliação dos parâmetros oculares, utilizou-se tonômetro de contorno dinâmico. A sedação foi idêntica nos dois grupos. RESULTADOS: Não houve variação significativa dos parâmetros hemodinâmicos e da intensidade de bloqueio motor entre os grupos. Aos 5 e 10 minutos houve diferença de PIO, PPO e APO entre os grupos (p JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: La anestesia peribulbar puede reducir el flujo sanguíneo ocular (FSO por elevación de la presión intraocular (PIO o por la acción de fármacos. La ropivacaína tiene una baja toxicidad y una acción vasoconstrictora intrínseca que todavía no ha sido comprobada sobre la vasculatura ocular. Medidas de la amplitud del pulso ocular (APO permiten una evaluación indirecta del FSO. El objetivo de este estudio es evaluar, vía FSO, la acción vasoconstrictora de la ropivacaína en la anestesia peribulbar. MÉTODO: Cuarenta pacientes, sometidos a bloqueo peribulbar con 7 mL de solución anestésica, sin vasoconstrictor, fueron divididos aleatoriamente en dos grupos: Ropivacaína (n = 20 y bupivacaína (n = 20. Se evaluaron PIO, presión de perfusión ocular (PPO, APO

  17. Anestesia em paciente com Distrofia Muscular de Duchenne: relato de caso Anestesia en paciente con Distrofia Muscular de Duchenne: relato de caso Anesthesia in Duchenne’s Muscular Dystrophy patient: case report

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Deoclécio Tonelli

    2003-06-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A distrofia muscular de Duchenne é uma afecção recessiva ligada ao cromossomo X, geralmente diagnosticada na infância, acentuando-se progressivamente até agravar a função respiratória. O objetivo deste relato é apresentar um caso de um paciente com distrofia muscular de Duchenne diagnosticada há 2 anos, submetido à postectomia, sob anestesia geral com cetamina S. RELATO DO CASO: Paciente com 9 anos de idade com Distrofia Muscular de Duchenne diagnosticada há 2 anos, submetido à anestesia geral com levo-cetamina (1,5 mg.kg-1, por via venosa, sob ventilação espontânea assistida manualmente por sistema de Baraka (Mapleson A e bloqueio peniano com bupivacaína a 0,5% (25 mg. Foram usados monitores de pressão arterial não invasiva, oximetria de pulso, cardioscopia e temperatura esofagiana. No decorrer da cirurgia, o caso evoluiu sem intercorrências, sendo que no período pós-operatório o paciente apresentou alguns episódios de vômitos sem outras alterações significativas. Permaneceu internado por 24 horas, tendo alta hospitalar assintomático. CONCLUSÕES: A avaliação pré-anestésica cuidadosa, o uso de monitorização adequada e medicações que não predisponham o aparecimento de complicações tornam seguro o procedimento em pacientes portadores de Distrofia Muscular de Duchenne e seu pós-operatório.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: La distrofia muscular de Duchenne es una afección recesiva ligada al cromosoma X, generalmente diagnosticada en la infancia, acentuándose progresivamente hasta agravar la función respiratoria. El objetivo de este relato es presentar un caso de un paciente con distrofia muscular de Duchenne diagnosticada hace 2 años, sometido a la postectomia, sobre anestesia general con cetamina S. RELATO DEL CASO: Paciente con 9 años de edad con Distrofia Muscular de Duchenne diagnosticada hace 2 años, sometido a la anestesia general con levo-cetamina (1,5 mg.kg-1, por v

  18. Anestesia para tratamento intraparto extra-útero em feto com diagnóstico pré-natal de higroma na região cervical: relato de caso Anestesia para tratamiento intraparto extraútero en feto con diagnóstico prenatal de higroma en la región cervical: relato de caso Anesthesia for ex utero intrapartum treatment of fetus with prenatal diagnosis of cervical hygroma: case report

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Angélica de Fátima de Assunção Braga

    2006-06-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: O tratamento intraparto extra-útero (EXIT constitui procedimento realizado durante a cesariana, com preservação da circulação feto-placentária, que permite manuseio seguro da via aérea do feto, com risco de obstrução das vias aéreas. O objetivo deste relato foi apresentar um caso de anestesia para EXIT, em feto com higroma cístico na região cervical. RELATO DO CASO: Paciente com 22 anos, 37 semanas de idade gestacional, sem antecedentes anestésicos, estado físico ASA I, submetida ao EXIT para manuseio de via aérea e intubação traqueal em feto com risco para obstrução de vias aéreas. O procedimento foi realizado sob anestesia geral associada a peridural contínua; no pré-operatório foram utilizados metoclopramida (10 mg e ranitidina (50 mg, por via venosa. No espaço peridural administrou-se bupivacaína a 0,25% com adrenalina (30 mg associada a fentanil (100 µg, seguida de passagem de cateter cefálico, para analgesia pós-operatória. O útero foi deslocado para a esquerda. A indução anestésica foi feita em seqüência rápida, com fentanil, propofol e rocurônio e a manutenção com isoflurano 2,5% a 3%, em O2 e N2O (50%. Após histerotomia, procedeu-se à liberação parcial do feto, assegurando-se a circulação útero-placentária, seguindo-se as manobras de laringoscopia e intubação traqueal fetal. A seguir, foi realizada liberação total do feto, com pinçamento de cordão umbilical, administração de ocitocina (20 UI em infusão venosa contínua seguida de metil-ergonovina (0,2 mg por via venosa. Durante o procedimento, a pressão arterial sistólica materna foi mantida acima de 100 mmHg, com efedrina em bolus (5 mg e cristalóide (3.000 mL. A concentração do isoflurano foi diminuída gradativamente durante o fechamento uterino. Ao final da intervenção cirúrgica o bloqueio neuromuscular foi revertido e injetou-se morfina (2 mg pelo cateter peridural para analgesia p

  19. Anestesia peridural torácica para cirurgia plástica de mama em paciente portadora de miastenia gravis: relato de caso Anestesia peridural torácica para cirugía plástica de mama en paciente portadora de miastenia gravis: relato de caso Thoracic epidural anesthesia for mammaplasty in myasthenia gravis patient: case report

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabiano Timbó Barbosa

    2005-06-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A miastenia gravis é uma doença crônica, auto-imune, caracterizada pela fraqueza da musculatura esquelética em decorrência da diminuição dos receptores de acetilcolina na junção neuromuscular. O objetivo deste relato é mostrar um caso de paciente com miastenia gravis submetida a anestesia peridural torácica para cirurgia plástica de mama. RELATO DO CASO: Paciente com 51 anos, portadora de miastenia gravis foi submetida a anestesia peridural torácica com bupivacaína e fentanil. Não houve sinais de depressão respiratória. A paciente recebeu alta hospitalar após 36 horas. CONCLUSÕES: O presente caso sugere como conduta anestésica para o paciente portador de miastenia gravis a anestesia peridural como técnica única, sem a obrigatoriedade de intubação orotraqueal.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: La miastenia gravis es una enfermedad crónica, auto-inmune, caracterizada por la debilidad de la musculatura esquelética resultante de la disminución de los receptores de acetilcolina en la unión neuromuscular. El objetivo de este relato es mostrar el caso de una paciente con miastenia gravis sometida a anestesia peridural torácica para una cirugía plástica de mama. RELATO DEL CASO: Paciente del sexo femenino, 51 años, portadora de miastenia gravis fue sometida a anestesia peridural torácica con bupivacaína y fentanil. No hubo señales de depresión respiratoria. La paciente recibió alta hospitalaria después de 36 horas. CONCLUSIONES: Este actual caso sugiere como conducta anestésica para el paciente portador de miastenia gravis la anestesia peridural como única técnica, sin la obligatoriedad de intubación orotraqueal.BACKGROUND AND OBJECTIVES: Myasthenia gravis is a chronic autoimmune disease characterized by skeletal muscles weakness promoted by decreased acetylcholine receptors in the neuromuscular junction. This report aimed at describing a case of myasthenia gravis patient submitted to thoracic

  20. Hiperpotassemia pela solução Euro-Collins na anestesia para transplante renal: relato de caso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eunice Sizue Hirata

    2013-10-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Descrever uma anestesia para transplante renal que se complicou com a elevação brusca de potássio, pela reperfusão do rim com solução Euro-Collins no campo operatório. Também será relatado o diagnóstico e o tratamento empregados nessa complicação. CONCLUSÃO: O uso de soluções de perfusão no campo cirúrgico requer cuidados na monitoração, como eletrocardioscopia e dosagem de potássio sérico, e disponibilidade para uso imediato de gluconato de cálcio, insulina e salbutamol. A substituição da solução Euro-Collins por soro fisiológico imediatamente antes do implante pode ser uma opção útil em pacientes com níveis de potássio sabidamente elevados.

  1. Topografia do cone medular da irara (Eira barbara e sua relevância em anestesias epidurais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Érika Branco

    2013-06-01

    Full Text Available Encontrada principalmente na América do Sul, a irara é um carnívoro pertencente à família Mustelidae, a qual pouco se tem informações sobre sua morfologia de forma geral. Diante disso, objetivou-se conhecer melhor parte do sistema nervoso desta espécie, mais precisamente a topografia do cone medular, a fim de subsidiar intervenções anestésicas peridurais nesta, uma vez que a clínica de animais selvagens vem crescendo a cada dia. Foram estudados três exemplares machos, adultos, provenientes da área de Mina Bauxita, Paragominas, doados ao Laboratório de Pesquisa Morfológica Animal (LaPMA, Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA, Belém, os quais foram radiografados e dissecados ao nível lombossacral, seguido de exposição do cone medular. Este, por sua vez, situou-se entre L4-L6 possuindo comprimento médio de 4,31cm, o que nos levou a sugerir a região sacrococcígea como ponde ideal para prática de anestesias epidurais nesta espécie.

  2. FARMACOTERAPIA ESTOMATOLOGICA DURANTE LA GESTACION Y LACTANCIA

    OpenAIRE

    Cabrejos Alvarez, José A.; Profesor del Servicio de Cirugía Bucal y Máxilo-Facial, Fac. De Odontología, Universidad de San Marcos. Miembro Fundador de la Asociación peruana de Cirugía Máxilo-Facial y medicina Estomatológica. Profesor de POST-GRADO, Area de farmacología, sociedad Peruana de Endodoncia. Consultor de Farmacología del Colegio odontológico de Lima, años '96 Y 97'.

    2014-01-01

    Desde hace varias décadas atrás,la administración de fármacos en gestante ha estado rodeada de un halo de misterio combinado con el miedo por parte del profesional médico ú odontólogo. Es cierto que lo ideal es no administrar ningún tipo de medicamento durante el embarazo, pero tambien es cierto, que muchas veces es imposible cumplir con ésto. desde una óptica estomatológica, existen varias circunstancias en las que es necesario, por no decir obligatorio administrar fármacos en una gestante. ...

  3. LA CASA MORELIANA DURANTE EL PORFIRIATO

    OpenAIRE

    Servín Orduño, Gabriela

    2012-01-01

    El estudio de las ciudades va más allá de un simple análisis urbanístico, arquitectónico o social; todo aquel que pretenda acercarse a ella, palparla y olerla, tendrá que estudiarla como un todo, poniendo atención a todos sus elementos para poder concebirla. El periodo porfiriano a pesar de ser por muchos intelectuales estudiado presenta nuevos retos, sobre todo en lo que refiere al estudio de su arquitectura por ser durante este periodo cuando se gestaron una gran variedad de ...

  4. Violencia durante el sueño

    OpenAIRE

    Larisa Fabres, O.

    2013-01-01

    Aunque el sentido común nos dice que violencia y sueño deberían ser excluyentes, éstos pueden coexistir. Se han descrito conductas violentas durante el sueño en sonambulismo, terrores nocturnos, despertares confusos, trastorno conductual del sueño REM, epilepsias del lóbulo frontal y enfermedades psiquiátricas. Las consecuencias van desde lesiones menores hasta la muerte del sujeto, su compañero de cama o cualquier persona: hay reportes de heridas, homicidios, intentos de homicidios y autoagr...

  5. Hematoma após anestesia peridural: tratamento conservador. Relato de caso Hematoma posterior a la anestesia peridural: tratamiento conservador. Relato de caso Hematoma after epidural anesthesia: conservative treatment. Case report

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edno Magalhães

    2007-04-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: O hematoma associado à compressão espinhal após anestesia peridural é uma complicação neurológica grave, apesar da pequena incidência relatada (1:150.000. É um episódio agudo, e o tratamento tradicionalmente aplicado é a descompressão cirúrgica de urgência. Mais recentemente, em casos específicos, o tratamento com corticosteróide tem sido aplicado como alternativa, com boa recuperação neurológica. O objetivo deste relato foi expor um caso de hematoma peridural com tratamento conservador e recuperação neurológica completa. RELATO DO CASO: Paciente do sexo feminino, 34 anos, estado físico ASA I, sem qualquer histórico de coagulopatia ou terapia anticoagulante, submetida à anestesia peridural com punção única, em L2-L3, para tratamento cirúrgico de varizes nos membros inferiores. Oito horas após a anestesia regional, ela ainda apresentava bloqueio motor completo (escala de Bromage, redução das sensibilidades térmica e dolorosa abaixo do nível L3, hiperalgesia na região plantar esquerda, preservação dos reflexos tendinosos e ausência de dor lombar. A tomografia computadorizada revelou hematoma peridural em L2 com compressão do saco dural. Dez horas após a punção peridural não havia progressão dos sinais e sintomas neurológicos. Optou-se, então, pelo tratamento com metilprednisolona em infusão venosa contínua (5,3 mg.kg-1 na primeira hora e 1,4 mg.kg-1.h-1 nas 23 horas subseqüentes. Oito horas após o início do tratamento, a paciente recuperou as sensibilidades térmica e dolorosa, e houve regressão total do bloqueio motor. Na 12ª hora, deambulava e referia dor na ferida operatória. O hematoma peridural não foi visualizado em nova tomografia computadorizada na 14ª hora após o início do tratamento. A paciente recebeu alta hospitalar 86 horas depois do início do tratamento conservador, sem comprometimento neurológico. Uma tomografia computadorizada de controle, ap

  6. Monitorização materno-fetal durante procedimento odontológico em portadora de cardiopatia valvar Monitoreo maternofetal durante procedimiento odontológico en portadora de cardiopatía valvular Maternal-fetal monitoring during dental procedure in patients with heart valve disease

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Itamara Lucia Itagiba Neves

    2009-11-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Os efeitos da anestesia local em odontologia com lidocaína e epinefrina, sobre parâmetros cardiovasculares de gestantes portadoras de valvopatias e seus conceptos, não estão esclarecidos. OBJETIVO: Avaliar e analisar parâmetros da cardiotocografia, de pressão arterial e eletrocardiográficos da gestante portadora de doença valvar reumática, quando submetida à anestesia local com 1,8 ml de lidocaína 2% sem vasoconstritor e com epinefrina 1:100.000, durante procedimento odontológico restaurador. MÉTODOS: Realizamos monitorização ambulatorial da pressão arterial, eletrocardiografia ambulatorial materna e cardiotocografia de 31 portadoras de cardiopatia reumática, entre a 28ª e 37ª semana de gestação, divididas em dois grupos conforme presença ou não do vasoconstritor RESULTADOS: Demonstrou-se redução significativa dos valores de frequência cardíaca materna nos dois grupos, durante o procedimento, quando comparado aos demais períodos (p 0,05. O mesmo ocorreu (p > 0,05 com número de contrações uterinas, nível e variabilidade da linha de base e número de acelerações da frequência cardíaca fetal. CONCLUSÃO: O uso de 1,8 ml de lidocaína 2% associado à adrenalina mostrou-se seguro e eficaz em procedimento odontológico restaurador durante a gestação de mulheres com cardiopatia valvar reumática.FUNDAMENTO: Los efectos de la anestesia local en odontología con lidocaína y epinefrina, sobre los parámetros cardiovasculares de gestantes portadoras de valvulopatías y sus conceptos, no son claros. OBJETIVO: Evaluar y analizar parámetros de la cardiotocografía, de la presión arterial y electrocardiográficos de la gestante portadora de enfermedad valvular reumática, al someterse a anestesia local con 1,8 ml de lidocaína 2% sin vasoconstrictor y con epinefrina 1:100.000, durante procedimiento odontológico restaurador. MÉTODOS: Realizamos monitoreo ambulatorio de la presión arterial

  7. Estudo de lidocaína a 0,5% e combinação de lidocaína a 0,25% com fentanil e vecurônio em anestesia regional intravenosa para cirurgias de membros superiores

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Santhosh MCB

    2013-06-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A anestesia regional intravenosa (ARIV para cirurgias de membros superiores com a tradicional alta dose de lidocaína pode levar a efeitos colaterais potencialmente letais. A fim de evitar esses efeitos, muitas técnicas modificadas de ARIV foram experimentadas com o uso de uma dose baixa de lidocaína, relaxante muscular e opioide. MÉTODOS: O presente estudo foi feito com 60 pacientes não medicados previamente, com classificação ASA 1-2, para comparar as características sensoriais e motoras, os parâmetros cardiorrespiratórios e os efeitos colaterais durante o período intraoperatório e de deflação pós-torniquete entre os pacientes que receberam 40 mL de lidocaína a 0,5% (n = 30 e aqueles que receberam uma combinação de 40 mL de lidocaína a 0,25% com 0,05 mg de fentanil e 0,5 mg de vecurônio (n = 30 em ARIV para cirurgias ortopédicas de membros superiores. Os resultados foram analisados com o uso do teste t de Student pareado para identificar a significância estatística. RESULTADO: A diferença entre os dois grupos em relação ao tempo médio de início e completo bloqueio sensitivo e motor foi estatisticamente significante. Porém, houve completo bloqueio sensitivo e motor em ambos os grupos 15 minutos após a injeção da solução anestésica. CONCLUSÃO: Embora a pequena demora observada no início e na obtenção completa dos bloqueios sensitivo e motor possa, teoricamente, atrasar o início da cirurgia em 10-15 minutos, clinicamente esse tempo seria gasto na preparação do campo cirúrgico. Portanto, essa combinação pode ser usada com segurança e eficácia em anestesia regional intravenosa para cirurgias ortopédicas de membros superiores com menor possibilidade de toxicidade anestésica local.

  8. Ablação curativa da fibrilação atrial: comparação entre sedação profunda e anestesia geral

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elizabeth Bessadas Penna Firme

    Full Text Available OBJETIVO: Comparar sedação profunda com anestesia geral para ablação curativa de fibrilação atrial. MÉTODOS: Estudo prospectivo, aleatório, com 32 pacientes, idades entre 18 e 65 anos, ASA 2 e 3, IMC d" 30kg/m², distribuídos em dois grupos: sedação profunda (G1 e anestesia geral (G2. Todos receberam midazolan (0,5mg/kg venoso. O G1 recebeu propofol (1mg/kg e máscara facial de O2, seguido da infusão contínua de propofol (25-50mg/kg/min e remifentanil (0,01-0,05µg/kg/min. O G2 recebeu propofol (2mg/kg e máscara laríngea com tubo de drenagem, seguido da infusão contínua de propofol (60-100mg/kg/min e remifentanil (0,06-0,1µg/kg/min. Foram comparados: frequência cardíaca, pressão arterial invasiva, complicações, recidiva (desfecho em três meses e gasometrias. RESULTADOS: Os pacientes do G1 apresentaram gasometrias arteriais com níveis de PaCO2 maiores e pH menores (p=0,001 e maior incidência de tosse. Ocorreu diminuição da PAM e FC no G2. Exceto a tosse, as complicações e recidivas foram semelhantes em ambos os grupos. CONCLUSÃO: Ambas as técnicas podem ser utilizadas para a ablação curativa da fibrilação atrial. A anestesia geral proporcionou menores alterações respiratórias e maior imobilidade do paciente.

  9. "AvaliaÃÃo da dor de crianÃas submetidas a anestesia local odontolÃgica com seringa convencional e com seringa controlada por computador"

    OpenAIRE

    Mirella de Sousa Pereira

    2014-01-01

    A dor constitui fenÃmeno multifatorial, podendo ter carÃter psicolÃgico e cultural. Estudos apontam que a anestesia local odontolÃgica à a maior causadora de dor e ansiedade em pacientes no consultÃrio odontolÃgico. Desta forma, o objetivo deste estudo foi avaliar as reaÃÃes em relaÃÃo a dor de crianÃas com necessidade de realizaÃÃo de tratamento odontolÃgico submetidas a anestesia local odontolÃgica, com seringa convencional e com seringa controlada por computador (dispositivo). Trinta crian...

  10. Náuseas y vómitos en anestesia general balanceada ante endovenosa total en colecistectomía laparoscópica. Hospital Nacional Arzobispo Loayza. 2015

    OpenAIRE

    Urday Zagaceta, Erick Ivan

    2015-01-01

    Objetivo: Conocer si la incidencia de náuseas y vómitos posoperatorios en la anestesia general balanceada es mayor que en anestesia general endovenosa total. Método: Se calculó una muestra de 128 de una población de 190 pacientes sometidas a colecistectomías laparoscópicas electivas en el Hospital Nacional Arzobispo Loayza (HNAL). Se incluyeron a pacientes ASA I y II y que sean entre 18 y 60 años. Se excluyeron cirugías de emergencia. Se dividieron en 2 grupos: propofol-remifentanilo y sev...

  11. Hipotensión arterial y variabilidad de la frecuencia cardiaca en pacientes embarazadas llevadas a cesarea bajo anestesia raquídea

    OpenAIRE

    Amaya Rios, Juan Carlos; Garcia Montaño, Nestor Ivan

    2015-01-01

    INTRODUCCION La hipotensión arterial por anestesia raquídea en embarazadas llevadas a cesárea es frecuente y deletérea para la madre y el feto, sin que a la fecha exista una herramienta clínicamente útil para predecirla. La variabilidad de la frecuencia cardiaca es una medida que estima la actividad del sistema nervioso autónomo y algunos estudio iniciales indican una posible utilidad como herramienta predictiva de hipotensión arterial en esta población. METODOLOGIA Se realizó un es...

  12. Evaluación de Cuatro Protocolos de Anestesia sobre las Variaciones en las Funciones Vitales en la Ovariohisterectomía Canina

    OpenAIRE

    Huayta Huanca, Jhon David; Escuela Profesional de Medicina Veterinaria y Zootecnia, Facultad de Ciencias e Ingenierías Biológicas y Químicas, Universidad Católica de Santa María, Arequipa

    2016-01-01

    El presente estudio tuvo como objetivo la evaluación de los efectos de cuatro protocolos de anestesia sobre las funciones vitales de frecuencia cardiaca, pulso, frecuencia respiratoria, saturación de oxígeno y temperatura corporal en la ovariohisterectomía canina. Se seleccionaron 32 perras adultas (1-8 años), clínicamente sanas, sin distinción de peso ni raza, y clasificados como ASA I (84.4%) o II (15.6%) para ser sometidos a cirugía electiva (no emergencias). Los canes fueron distribuidos ...

  13. Anestesia total intra venosa de la combinación xilacina, ketamina y fentanilo para canulación del primer compartimento en alpacas

    OpenAIRE

    ESPEZUA FLORES, OSCAR; UNIVERSIDAD NACIONAL DEL ALTIPLANO; CHIPAYO GONZALES, YSAAC; UNIVERSIDAD NACIONAL DEL ALTIPLANO; OLAZABAL LOAIZA, JUAN; UNIVERSIDAD NACIONAL DEL ALTIPLANO

    2015-01-01

    Con la finalidad de evaluar la respuesta clínica de las alpacas sometidas a un protocolo de anestesia total intravenosa en base a la combinación de xilacina, ketamina y fentanilo para canulacion del primer compartimento en alpacas, se determinaron variables fisiológicas, anestesiológicas y monitoreo anestésico. Se utilizaron cinco alpacas adultas, clínicamente sanas a las que se administró 0.2 mg/kg de xilacina, 5 mg/kg de ketamina en bolos repetidos y 0.5 µg/kg/hora de fentanilo por infusión...

  14. Comparación de costo-efectividad entre dos técnicas anestésicas: anestesia con sevofluoraneremifentanil frente a isofluorane-remifentanil

    OpenAIRE

    Carvajal C., Marco A.; Rincón F, Ismael; Montes R, Félix

    2010-01-01

    Nos encontramos en la era de la optimización de costos, por lo que es necesario realizar estudios farmacoeconómicos para identificar la costo- efectividad de los anestésicos actuales. Metodología: este estudio prospectivo, cegado al paciente, comparó los costos directos, los tiempos de recuperación y satisfacción de 45 pacientes que se asignaron aleatoriamente a dos grupos de anestesia balanceada (grupo sevofluoraneremifentanil n = 24 o grupo isofluoraneremifentanil n = 21) que iban a ser som...

  15. Efeito de diferentes formas de suplementação dietética e da anestesia peribulbar sobre a função da retina

    OpenAIRE

    Bannach, Tatiana Charello

    2012-01-01

    Resumo: A eletrorretinografia (ERG) é um exame oftálmico que permite a captação da atividade eletrofisiológica da retina em resposta a um estímulo luminoso e, portanto é uma ferramenta útil para avaliar o fenômeno da fototransdução no olho. Trata-se de um procedimento seguro uma vez que não é invasivo, mesmo quando necessita de anestesia, como ocorre no caso de sua utilização em animais de companhia. Dois capítulos desta dissertação envolvem estudos experimentais utilizando o exame eletrorret...

  16. Nuevos procedimientos en anestesia local en odontología: el sistema Injex® New proceedings in dental anesthesia: the Injex® system

    OpenAIRE

    C Fernández-Canedo; G Machuca

    2004-01-01

    Una de las circunstancias que han contribuido al desarrollo de la odontología en los últimos tiempos ha sido la mejora en las técnicas anestésicas. Sin embargo, el uso de la aguja en la mayor parte de los sistemas de anestesia dental, a pesar de ser un sistema casi indoloro, constituye un problema por la gran cantidad de pacientes que presentan fobias a la misma. Este hecho empeora cuando las poblaciones que han de ser tratadas son niños o pacientes especiales. En esta revisión bibliográfica ...

  17. Valoración de la eficacia de la anestesia total intravenosa mediante Propofol/Fentanilo para colonoscopías en pacientes escolares

    OpenAIRE

    Almenarez Díaz, Esteban Francisco

    2013-01-01

    El objetivo del presente trabajo fue valorar la eficacia de la Anestesia Total Intravenosa (TIVA) mediante el Propofol/Fentanilo en pacientes escolares sometidos a colonoscopía en el Hospital de Niños “Roberto Gilbert Elizalde” de la ciudad de Guayaquil. El estudio fue prospectivo, descriptivo, utilizando como fuentes de información, los datos de 50 casos investigados por el Departamento de Gastroenterología del área pediátrica de dicho Hospital, de Julio del 2012 a Enero del año 2013. Las...

  18. A anestesia peridural torácica realizada com segurança no paciente anestesiado: estudo de uma série de casos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo Roberto Nunes de Bessa

    2008-08-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: O surgimento de casos de paraplegia seguindo a inserção de cateter peridural em pacientes anestesiados levou a questionamento por parte de alguns autores, mesmo que não se confirme que a lesão tenha ocorrido porque o paciente estava anestesiado. Por esse motivo, idealizamos este estudo, que teve como objetivo avaliar a freqüência de complicações neurológicas e de surgimento de seqüelas após anestesia peridural torácica realizada com os pacientes sob anestesia geral. MÉTODO: Participaram do estudo pacientes submetidos à intervenção cirúrgica torácica no período de 16/02/2004 a 30/05/2006. Após monitoração dos sinais vitais e realização da anestesia geral, os pacientes foram colocados em decúbito lateral e realizada anestesia peridural torácica simples ou contínua. Numa ficha especial foram registradas as intercorrências, complicações e dificuldades na realização da técnica. No pós-operatório os pacientes foram acompanhados em busca de sinais e sintomas de disfunção neurológica. RESULTADOS: Foram avaliados 113 pacientes e em 108 foi inserido cateter peridural torácico. Em 45 pacientes a punção foi considerada traumática, ou seja, sangramento no local da punção e punções múltiplas. Em dois pacientes houve perfuração acidental de dura-máter. No pós-operatório imediato um paciente relatou sensação de formigamento em membros inferiores, outro paciente apresentou dormência em membro superior, desaparecendo com a retirada e tração do cateter. A punção foi única nos dois casos. Nenhum outro paciente apresentou sinais ou sintomas de alterações neurológicas. CONCLUSÕES: Nos casos estudados não houve complicação neurológica. Quando executado com bom senso e cuidados específicos o bloqueio peridural torácico pode ser realizado com segurança no paciente anestesiado.

  19. Correlação de diferentes períodos de jejum com níveis séricos de cortisol, glicemia plasmática, estado clínico e equilíbrio ácido-base em cães submetidos à anestesia geral inalatória

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Simone Machado Guimarães

    2007-12-01

    Full Text Available Este estudo correlacionou os tempos de jejum sólido pré-anestésico com alterações nos níveis de glicemia plasmática, cortisol sérico, estado clínico e equilíbrio ácido-base em cães submetidos a anestesia geral inalatória. Utilizaram-se oito animais, adultos, sem raça definida, distribuídos de acordo com o período de jejum sólido: Grupo 1 (12 horas, Grupo 2 (18 horas e Grupo 3 (24 horas. Foi acompanhado o esvaziamento do conteúdo gástrico e em seguida, todos animais foram submetidos ao mesmo procedimento anestésico. Freqüência cardíaca e respiratória, temperatura retal, tempo de reperfusão capilar, grau de hidratação e pressão arterial não-invasiva foram mensurados previamente à administração de acepromazina, 10 minutos decorridos da mesma e a cada 10 minutos durante a manutenção anestésica, incluindo-se ETCO2; valores hemogasométricos (pH, PaCO2, PaO2, HCO3, CO2 total, SatO2, déficit de base, glicêmicos e de cortisol sérico foram avaliados previamente à MPA e a cada trinta minutos durante a manutenção anestésica. No período de recuperação anestésica, novas dosagens glicêmicas e de cortisol foram realizadas. Constataram-se poucas alterações cardiocirculatórias e respiratórias durante a anestesia, não havendo interferência dos diferentes tempos de jejum. Os animais com 12 horas de jejum pré-anestésico apresentaram glicemia mais elevada do que os demais grupos, no período de recuperação anestésica. As concentrações de cortisol não foram afetadas pelo jejum. O jejum pré-anestésico sólido, independente do tempo de duração, caracterizou um quadro de discreta alcalose respiratória. Todos os animais apresentaram-se em bom estado clínico nos três grupos. Recomenda-se jejum pré-anestésico sólido de 18 horas para garantir ausência completa de conteúdo alimentar sólido no estômago.

  20. Ansiedade materna manifestada durante o tratamento odontológico de seus filhos Maternal anxiety manifested during dental treatment of their children

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Laura Mendes Tomita

    2007-12-01

    Full Text Available A ansiedade manifestada pela criança durante o atendimento odontológico constitui um elemento potencialmente prejudicial à realização do tratamento bucal. O objetivo deste trabalho foi descrever e analisar os comportamentos de dez mães durante sessões seqüenciais de atendimento odontológico de seus filhos. Todas as sessões foram filmadas em videoteipe com marcas sonoras a cada 15 segundos, indicando os momentos em que foram efetuados os registros dos comportamentos. Um mapeamento geral do repertório de comportamentos permitiu apontar padrões comuns a todas as participantes e padrões específicos, indicadores de maior ansiedade de algumas participantes. Proporcionalmente, o procedimento de anestesia injetável evocou maior freqüência de comportamentos indicadores de respostas de ansiedade das mães. O cirurgião-dentista, atento aos comportamentos de pais e acompanhantes de crianças, pode adotar estratégias que reduzam a ansiedade dos pais, aumentando a freqüência de comportamentos colaborativos da criança com o tratamento.The anxiety manifested by the child during the dentistry treatment constitutes a potentially harmful element to the accomplishment of the treatment. The aim of this study was to describe and analyse 10 mother's behavior during sequential sessions of their children's dental treatment. All sessions were recorded in videotape biped every 15 second interval, indicating the moments that the records of the behaviors would be carried out. A behavioral repertoire general plotting allowed to point common standards to all the participants and specific standards, larger anxiety indicators of some participants. Proportionally, the invasive anesthesia procedure evoked escape behaviors indicators larger frequency and/or mothers dodge. The pediatric dentistry, careful with parents' behaviors, can adopt strategies that reduce parents' anxiety, increasing behaviors frequency children's collaborating with the treatment.

  1. Doppler tecidual do miocárdio de gatos submetidos à anestesia dissociativa Tissue Doppler imaging of the myocardium in cats submitted to dissociative anesthesia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniel Cometti Borlini

    2009-11-01

    Full Text Available O Doppler tecidual é uma técnica recente que permite avaliar a velocidade de movimentação do miocárdio durante as fases do ciclo cardíaco, fornecendo informações importantes da função cardíaca. Na medicina veterinária, estudos têm sido realizados para a caracterização de disfunções da contratilidade cardíaca e o estabelecimento de padrões de normalidade. O presente trabalho objetivou avaliar a velocidade de contração do miocárdio pela técnica de Doppler tecidual em gatos submetidos à anestesia dissociativa. Para tanto, foram utilizados nove gatos adultos, hígidos, sem distinção de sexo ou raça. Foram medidos os valores de Ea (velocidade máxima longitudinal no início da diástole, Aa (velocidade máxima longitudinal na sístole atrial e Sa (velocidade máxima longitudinal na sístole ventricular nas bordas lateral e septal do anel mitral. Os valores médios observados para Ea septal e Sa septal foram de 7,2±2,5cm s-1 e 6,3±1,7cm s-1, respectivamente. O valor médio obtido para Ea lateral foi de 12,0±4,1cm s-1, enquanto que o valor médio de Sa lateral foi de 8,3±1,6cm s-1. Foi obtido um valor médio de 7,0±3,1cm s-1 para Aa lateral e 4,7±1,5cm s-1 para Aa septal. A padronização dos valores médios da velocidade de contração do miocárdio na espécie felina é de grande importância, podendo auxiliar no diagnóstico precoce de alterações da função contrátil do coração. Em razão da escassez de estudos com a técnica de Doppler tecidual em gatos, os valores obtidos neste trabalho permitem a realização de estudos comparativos, auxiliando a aplicação dessa técnica em protocolos experimentais e no diagnóstico precoce de cardiopatias na espécie felina.The tissue Doppler imaging (TDI is a recent technique that allows the evaluation of the myocardium movement velocity during the cardiac cycle phases, providing important informations of the cardiac function. In veterinary medicine, studies have been

  2. O primeiro a utilizar anestesia em cirurgia não foi um dentista. Foi o m édico Crawford Williamson Long El primero en utilizar la anestesia en cirugía no fue un dentista, fue el médico Crawford Williamson Long The first to use surgical anesthesia was not a dentist, but the physician Crawford Williamson Long

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Almiro dos Reis Júnior

    2006-06-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A história da descoberta da anestesia continua incompletamente esclarecida em vários de seus aspectos. Mas é fácil definir que Crawford Williamson Long foi o primeiro a utilizar o éter sulfúrico para operar vários pacientes, sem dor, e realizar analgesias obstétricas. A história é uma ponte que liga o passado ao presente e deve ser estudada e entendida desde os seus primeiros pilares. Assim, justifica-se lembrar ou dar a conhecer quem foi Long, um nome certamente pouco conhecido entre nós, e qual a participação dele na descoberta da anestesia. CONTEÚDO: São discorridos porque e como Crawford Williamson Long foi levado a se tornar o primeiro médico a operar sem dor, quatro anos e meio antes de Morton, e o papel que desempenhou numa das maiores descobertas da Medicina. A biografia de Long é narrada, ressaltando-se o seu caráter, a competência, a dedicação, a modéstia, o desprendimento e um certo desapego com relação à conquista da glória. Descrevem-se as circunstâncias que o levaram a não divulgar de imediato sua descoberta. É analisado o envolvimento de Long na discussão pela primazia da descoberta da anestesia e relatado o seu falecimento. As numerosas homenagens recebidas por Long nos EUA e em outros países são citadas. CONCLUSÕES: W. T. G. Morton costuma ser considerado como o autor da descoberta da anestesia geral, sobretudo por ter sido o primeiro a fazer demonstração pública bem-sucedida, em importante hospital de Boston (EUA. Contudo, provou-se que Long foi o primeiro a utilizar a anestesia cirúrgica e é reconhecido em várias regiões de seu país como o pai da anestesia cirúrgica e "o seu descobridor". É necessário, ainda, reverter o fato de ser Long pouco conhecido entre nós e inseri-lo no lugar a que tem direito na história da anestesia geral.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: La historia del descubrimiento de la anestesia continúa sin ser completamente aclarada en varios

  3. Exame ortopédico, com e sem anestesia geral, de cães com luxação patelar medial

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M.L. Figueiredo

    2012-10-01

    Full Text Available Compararam-se os achados musculotendinosos e osteoarticulares encontrados em cães com luxação patelar medial, por meio do exame ortopédico realizado com e sem anestesia geral. Para tal, foram utilizados 11 joelhos de 10 cães, sem distinção de sexo, idade e raça, os quais apresentaram luxação patelar medial dos graus II, III e IV, diagnosticada clinicamente. O exame ortopédico específico da articulação do joelho foi realizado previamente à cirurgia, com o animal sem anestesia, e, no dia da cirurgia, com o cão já anestesiado. Verificou-se, quanto aos achados osteoarticulares, que não houve diferenças. Já em relação aos achados musculotendinosos, houve diferença entre as avaliações do movimento de gaveta e dos músculos sartório e retofemoral.

  4. Abordagem anestésica de grávida com malformação arteriovenosa cerebral e hemorragia subaracnoidea durante a gravidez: relato de caso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Catarina Santos Carvalho

    2013-04-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A ocorrência de hemorragia subaracnoidea (HSA durante a gravidez é rara, sendo que cerca de metade é devida a malformações arteriovenosas (MAV. Os autores descrevem a abordagem anestésica de uma grávida de 39 semanas proposta para cesárea, com história de HSA por MAV às 22 semanas. RELATO DO CASO: Grávida de 39 semanas, saudável previamente à gravidez, com antecedentes de HSA às 22 semanas de gestação, manifestada por cefaleias, vômitos e tonturas, sem perda de consciência ou outros déficits à admissão no serviço de urgência. A ressonância magnética (RM revelou MAV frontal esquerda. Após curto internamento para estabilização e diagnóstico, decidiu-se manter a gravidez e o seguimento ambulatorial multidisciplinar por neurocirurgia e obstetrícia em consulta de alto risco. Optou-se por fazer cesárea eletiva às 39 semanas sob anestesia peridural lombar. No intraoperatório ocorreu um episódio de hipotensão rapidamente revertida com fenilefrina. O Índice de Apgar do recém-nascido foi de 10/10. O cateter peridural foi usado para analgesia pós-operatória, também sem intercorrências. CONCLUSÕES: São muito raros os casos publicados de abordagem anestésica de grávidas com MAV sintomáticas. Todas as decisões tomadas pela equipe multidisciplinar, desde optar por continuar a gravidez ao momento ideal para intervir na MAV, passando pelo tipo de anestesia e analgesia, foram ponderadas em função do risco de dano cerebral. Do ponto de vista anestésico, os autores enfatizam a necessidade de estabilidade hemodinâmica.

  5. Efeitos do uso da adrenalina na anestesia local odontológica em portador de coronariopatia Effects of epinephrine in local dental anesthesia in patients with coronary artery disease

    National Research Council Canada - National Science Library

    Ricardo Simões Neves; Itamara Lucia Itagiba Neves; Dante Marcelo Artigas Giorgi; Cesar José Grupi; Luís Antonio Machado César; Whady Hueb; Max Grinberg

    2007-01-01

    FUNDAMENTO: A literatura é controversa no que se refere ao uso de vasoconstritores para anestesia local em cardiopatas, havendo preocupação com a indução de descompensação cardíaca. OBJETIVO: Avaliar...

  6. Anestesia para amigdalectomia em criança portadora de síndrome de Klippel-Feil associada à síndrome de down: Relato de caso Anestesia para amigdalectomía en niño portador de síndrome de Klippel-Feil asociado al síndrome de down: Relato de caso Anesthesia for tonsillectomy in a child with Klippel-Feil syndrome associated with down syndrome: Case report

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Magda Lourenço Fernandes

    2010-06-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Anormalidades craniofaciais, presentes na síndrome de Klippel-Feil (SKF e na síndrome de Down (SD, podem dificultar o acesso à via aérea. Cirurgias na orofaringe também exigem atenção especial com a via aérea. A associação de ambas as síndromes em paciente candidato à amigdalectomia é uma condição rara, que impõe desafios ao tratamento anestésico-cirúrgico. O objetivo deste relato é discutir os cuidados para a abordagem da via aérea e os riscos da manipulação cervical em paciente portador de SKF e SD submetido à amigdalectomia. RELATO DE CASO: Criança de 5 anos com diagnóstico prévio de SKF, SD e instabilidade da articulação atlantoaxial foi submetida à amigdalectomia sob anestesia geral balanceada. A ventilação sob máscara e a intubação traqueal foram realizadas com a cabeça em posição neutra. A perfeita visualização da epiglote e das cordas vocais permitiu intubação traqueal com laringoscopia convencional. A cirurgia também foi realizada sem extensão cervical, transcorrendo sem intercorrências. CONCLUSÕES: Embora o acesso à via aérea possa ser fácil, alterações anatômicas pressupõem via aérea difícil em pacientes portadores de SKF e SD. Cuidados diferenciados e recursos adequados são obrigatórios para se evitarem complicações durante a abordagem da via aérea. A manipulação cervical deve ser evitada na presença de instabilidade da articulação atlantoccipital pelo risco de lesão neurológica.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: Las anormalidades craneofaciales presentes en el Síndrome de Klippel-Feil (SKF y en el Síndrome de Down (SD, pueden dificultar el acceso a la vía aérea. Las cirugías en la orofaringe también exigen una atención especial con la vía aérea. La asociación de los dos síndromes en paciente candidato a la amigdalectomía es una condición rara, que impone retos al tratamiento anestésico-quirúrgico. El objetivo de este relato es

  7. Anestesia para paciente portador da equência de moebius: relato de caso Anestesia para Paciente Portador de la Secuencia de Moebius: relato de Caso Anesthesia in a patient with moebius sequence: case report

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriano Bechara de Souza Hobaika

    2009-06-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A sequência de Moebius (SM é uma rara paralisia do VI e VII nervos cranianos. Alterações craniofaciais estão presentes em aproximadamente 90% destes pacientes, o que pode tornar a intubação traqueal muito difícil. RELATO DO CASO: Paciente do sexo masculino, 2 anos e 5 meses, portador de SM, submetido à broncoscopia flexível para avaliação de laringotraqueomalácia. Comorbidades: crises de broncoespasmo e comunicação interventricular. Realizou-se indução anestésica com sevoflurano em O2 a 100% e venóclise. Introduziu-se máscara laríngea AMBU® número 2,5 e o fibrobroncoscópio foi introduzido através da mesma. O procedimento foi realizado sem complicações e a broncoscopia revelou-se normal. O paciente recebeu alta para casa após duas horas. CONCLUSÕES: O controle das vias aéreas é o grande desafio nestes pacientes, havendo relato de falha ou dificuldade de intubação em 13 pacientes de uma série de 41 casos analisados. Micrognatia, retrognatia, hipoplasia mandibular e fenda palatina são algumas características destes pacientes. Em outra grande série com 106 anestesias em pacientes com SM há descrição do uso da máscara laríngea em um caso. Parece não haver contra-indicação a realizar o procedimento em regime ambulatorial. Há relato de aspiração pulmonar e obstrução respiratória na sala de recuperação devido à dificuldade em deglutir e eliminar as secreções da boca e recomenda-se administrar antisialogogos.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: La secuencia de Moebius (SM es una rara parálisis del VI y VII nervios cranianos. Las alteraciones craneofaciales están presentes en aproximadamente un 90% de esos pacientes, lo que puede hacer con que la intubación traqueal sea muy difícil. RELATO DEL CASO: Paciente del sexo masculino, 2 años y 5 meses, portador de SM, sometido a la broncoscopia flexible para la evaluación de laringotraqueomalacia. Comorbidades: crisis de broncoespasmo

  8. Anestesia no cardiovascular en el adulto con cardiopatía congénita cianótica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lincoln de la Parte Pérez

    2004-03-01

    Full Text Available Como resultado del progreso en el diagnóstico y tratamiento de las cardiopatías congénitas, la esperanza de vida aumenta considerablemente en nuestro medio. Consecuentemente más niños crecen hasta convertirse en adultos y un grupo de ellos serán sometidos a procedimientos quirúrgicos no cardiovasculares. Estos pacientes constituyen un reto para los anestesiólogos por 3 motivos: 1. Existe una gran variedad de variedades anatómicas y fisiológicas; 2. La capacidad cardiovascular y pulmonar están afectadas de forma significativa y 3. Existe poca información disponible acerca del manejo anestésico de estos pacientes. Las operaciones no cardiovasculares en los pacientes que padecen o han sido operados por padecer cardiopatías congénitas, deben realizarse si es posible, en hospitales de primer nivel y el anestesiólogo responsable debe tener experiencia previa en anestesia cardiovascular pediátrica o por lo menos acceso directo a consulta con un anestesiólogo cardiovascular pediátrico. Se presenta una revisión bibliográfica actualizada sobre el manejo anestésico de los pacientes que padecen de cardiopatías congénitas cianóticas sometidos a procedimientos quirúrgicos no cardiovascularesAs a result of the progress attained in the diagnosis and treatment of congenital heart diseases, life expectancy increases considerably in our environment. Consequently, more children grow up until becoming adults and some of them will undergo noncardiovascular surgical procedures. These patients are a challenge for anesthesiologists for 3 reasons: 1. There is a great number of anatomical and physiological varieties; 2. The cardiovascular and pulmonary capacities are significantly affected; 3. There is little information available about the anesthetic management of these patients. The noncardiovascular operations in patients suffering from heart diseases or that have undergone surgery due to congenital heart diseases, should be performed if

  9. Anestesia no cardiovascular en el paciente con cardiopatía congénita y flujo pulmonar aumentado

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lincoln de la Parte Pérez

    2003-12-01

    Full Text Available Los lactantes y dentro de éstos los de menor edad y peso corporal, que padecen de cardiopatías congénitas con flujo pulmonar aumentado y son sometidos a anestesia para procedimientos quirúrgicos no cardiovasculares, tienen un gran riesgo anestésico, por lo que es necesario enfatizar que estos pacientes presentan habitualmente múltiples alteraciones anatómicas y de la fisiología cardiovascular con repercusión en diferentes órganos y sistemas, diversas enfermedades asociadas que empeoran el pronóstico y necesitan frecuentemente tratamiento médico con digitálicos, diuréticos y fármacos vasoactivos desde muy temprano, de modo que la evaluación preoperatoria, incluidas las investigaciones no invasivas, deben ser realizadas por cardiólogos experimentados y cuando se programan para procedimientos quirúrgicos, deben ser remitidos para un centro con recursos y la experiencia necesaria en el manejo de los pacientes con cardiopatías congénitas. Se presenta una revisión bibliográfica actualizada sobre el manejo anestésico de estos pacientes.Infants and among them the youngest and with the least body weight suffering from congenital heart diseases with increased pulmonary flow and who receive anesthesia to undergo noncardiovascular surgical procedures, are at a great anesthetic risk . That's why, it is necessary to make emphasis on the fact that these patients usually present multiple anatomical alterations and cardiovascular physiology disorders with repercussion on different organs and systems, diverse associated diseases that worsen the prognosis, and that they frequently need medical treatment with digitalis, diuretics and vasoactive drugs very early. Taking this into account, the preoperative evaluation, including non-invasive research should be carried out by experienced cardiologists and when they are scheduled for surgical procedures, they should be referred to a center with resources and the necessary experience in the

  10. Pressão arterial do anestesiologista durante o ato anestésico-cirúrgico no período matutino Presión arterial del anestesista durante el acto anestésico-quirúrgico en el período matutino Anesthesiologists’ blood pressure during surgical anesthetic procedures in the morning

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pedro Wanderley de Aragão

    2002-09-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A hipertensão arterial sistêmica incide em aproximadamente 20% da população mundial, dependendo da interação entre a predisposição genética e fatores ambientais. As condições de estresse inerentes ao trabalho do anestesiologista podem se manifestar no aparelho cardiovascular, influenciando na pressão arterial do profissional que a pratica. O objetivo deste estudo foi verificar se a prática da anestesia é fator desencadeante da variação da pressão arterial no anestesiologista durante o ato anestésico cirúrgico. MÉTODO: Participaram do estudo dez anestesiologistas, cada um realizando dez anestesias raquidianas para parto cesariano. Foram registradas cinco medidas da pressão arterial em cinco momentos diferentes, no total de 50 aferições por anestesiologista. A primeira, realizada após descanso prévio de cinco minutos da chegada do anestesiologista ao centro cirúrgico, denominado M1. A segunda, antes da realização da punção lombar, M2. A terceira, logo após a retirada da agulha do local da punção onde foi realizado o bloqueio, M3. A quarta, imediatamente após a retirada do feto, M4. E a última aferição, ao término da sutura da pele, M5. RESULTADOS: Ocorreu elevação na pressão arterial do anestesiologista nos momentos M3 e M4. CONCLUSÕES: A prática anestésica realizada é responsável por alteração significativa da pressão arterial do anestesiologista e está diretamente relacionada com os momentos de maior risco para o paciente durante o ato anestésico cirúrgico.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: La hipertensión arterial sistémica incide en aproximadamente 20% de la población mundial, dependiendo de la interacción entre la predisposición genética y factores ambientales. Las condiciones de estrés inherentes al trabajo del anestesista pueden manifestarse en el aparato cardiovascular, influenciando en la presión arterial del profesional que la practica. El objetivo de este

  11. Embolia gasosa por dióxido de carbono durante cirurgia laparoscópica: relato de caso Embolia gaseosa por dióxido de carbono durante cirugía laparoscópica: relato de caso Carbon dioxide embolism during laparoscopic surgery: case report

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tania Berger

    2005-02-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A embolia venosa por CO2 durante cirurgias laparoscópicas é uma complicação rara, porém fatal na maioria dos casos. O objetivo deste relato é descrever um caso não fatal de embolia venosa por CO2 durante cirurgia laparoscópica. RELATO DO CASO: Paciente hipertensa foi submetida à anestesia geral para laparoscopia para exploração de colédoco. Após 150 minutos de pneumoperitôneo, a paciente evoluiu com taquicardia e hipotensão refratária ao uso de vasopressor. A gasometria arterial revelou grande diferença entre a pCO2 e a P ET CO2. Frente à hipótese de embolia gasosa, foi desinsuflado o pneumoperitôneo, e a cirurgia terminada pela técnica convencional. A paciente evoluiu com melhora do quadro hemodinâmico, sendo extubada ao término da cirurgia e encaminhada para sala de recuperação pós-anestésica (SRPA. CONCLUSÕES: O diagnóstico precoce e o tratamento imediato foram fundamentais na boa evolução do caso descrito.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: La embolia venosa por CO2 durante cirugías laparoscópicas es una complicación rara, sin embargo fatal en la mayoría de los casos. El objetivo de este relato es describir un caso no fatal de embolia venosa por CO2 durante cirugía laparoscópica. RELATO DEL CASO: Paciente hipertensa fue sometida a la anestesia general para laparoscopia y para exploración del colédoco. Después de 150 minutos de pneumoperitoneo, la paciente evolucionó con taquicardia e hipotensión refractaria al uso de vasopresor. La gasometría arterial reveló grande diferencia entre la pCO2 y la P ET CO2. De frente a la hipótesis de embolia gaseosa, fue desinsuflado el pneumoperitoneo, y la cirugía terminada por la técnica convencional. La paciente evolucionó con mejoría del cuadro hemodinámico, siendo extubada al término de la cirugía y encaminada para la sala de recuperación pos-anestésica (SRPA. CONCLUSIONES: El diagnóstico precoz y el tratamiento inmediato fueron

  12. Benzocaine hydrochloride anesthesia in carp (Cyprinus carpio / Cloridrato de benzocaína na anestesia de carpas (Cyprinus carpio

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marco Antonio da Rocha

    2008-08-01

    Full Text Available Fish anesthesia is indicated to allow the accomplishment of several procedures such as biometry, tagging, transportation, physical examination, surgical procedures, and reproductive management. The doses of benzocaine in the carp anesthesia (Cyprinus carpio were determined, carrying through six phases with 40 fish each. The average weight of carps in each phase was of 147.45±7.99g, 173.32±9.15g, 191.26±14.05g, 269.84±19.24g, 285.25±17.97g, and 300.91±16.45g. In each phase, fish had been captured and placed in four containers each one with different concentrations of benzocaine (100, 140, 180 and 220 mg/L respectively. The induction time (IT was registered for each fish and after that the anesthetic induction biometry was performed. In each phase the minimal dose of benzocaine was calculated using the Linear Response Plateau (LRP, in a model that included dose and IT. The LRP was calculated for each phase: 125.79mg/L in 114.33s, 155.68mg/L in 115.75s, 145.33mg/L in 102.52s, 149.50mg/L in 140.53s, 166.42mg/L in 116.15s, and 158.34mg/L in 102.00s. The optimal dose was related with the weight, resulting in the equation: dose=114.230+0.158 x weight (r2=0.53. The equation shows that an increase in the weight in 1g corresponds to an increase of 0.158 mg/L in the dose of benzocaine hydrochloride for carps.A anestesia em peixes é indicada para permitir a realização de diversos procedimentos como: biometria, marcação, transporte, exame físico, procedimentos cirúrgicos e manejo reprodutivo. Determinou-se a dose de benzocaína na anestesia de carpas (Cyprinus carpio, com a realização de seis etapas com 40 peixes cada. O peso médio das carpas em cada etapa foi de 147,45±7,99g, 173,32±9,15g, 191,26±14,05g, 269,84±19,24g, 285,25±17,97g, e 300,91±16,45g. Em cada etapa, os peixes foram capturados e colocados em quatro recipientes com benzocaína nas concentrações de 100, 140, 180 e 220 mg/L respectivamente. O tempo de indução (TI foi

  13. Atitudes atuais de anestesiologistas e médicos em especialização com relação à anestesia venosa total Actitudes actuales de anestesiólogos y médicos en especialización con relación a la anestesia venosa total Current attitude of anesthesiologists and anesthesiology residents regarding total intravenous anesthesia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernando Squeff Nora

    2006-08-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: No passado, tempo, custos, informações, treinamento e avaliação da profundidade da anestesia limitavam a aceitação da anestesia venosa total (TIVA. O objetivo deste estudo foi determinar atitudes de anestesiologistas e médicos em especialização com relação à anestesia venosa total. MÉTODO: Um questionário foi enviado a 150 anestesiologistas e 102 residentes. A concordância (C e discordância (D em cada item foram comparadas por testes z (consenso, se p JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: Antiguamente, tiempo, costes, informaciones, capacitación y evaluación de la profundidad de la anestesia limitaban la aceptación de la anestesia venosa total (TIVA. El objetivo de este estudio fue el de determinar las actitudes de anestesiólogos y médicos en especialización con relación a la anestesia venosa total. MÉTODO: Un cuestionario fue enviado a 150 anestesiólogos y 102 residentes. La concordancia (C y discordancia (D en cada ítem se compararon por pruebas z (consenso, si p BACKGROUND AND OBJECTIVES: In the past, time, cost, information, training, and the evaluation of the plane of anesthesia limited the acceptance of total intravenous anesthesia (TIVA. The objective of this study was to determine the attitude of anesthesiologists and other anesthesiology residents regarding total intravenous anesthesia. METHODS: A questionnaire was sent to 150 anesthesiologists and 102 residents. The concordance (C and disaccord (D of each item were compared by z tests (consensus if p < 0.05. RESULTS: There were 98 responses. The data represent the number of answers for each category. The majority of the participants agreed that the quality of the awakening stimulates the use of the TIVA (C/D = 86/8; p < 0.05; that the future depends on the development of drugs with a fast onset of action and immediate recovery (C/D = 88/5; p < 0.05; that they would like to use TIVA more often (C/D = 72/21; p < 0.05; and to have more information

  14. Estudo de lidocaína a 0,5% e combinação de lidocaína a 0,25% com fentanil e vecurônio em anestesia regional intravenosa para cirurgias de membros superiores Estudio de la lidocaína al 0,5% y en combinación de lidocaína al 0,25% con fentanilo y vecuronio en anestesia regional intravenosa para cirugías de miembros superiores Study of 0.5% lidocaine alone and combination of 0.25% lidocaine with fentanyl and vecuronium in intravenous regional anesthesia for upper limb surgeries

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Santhosh MCB

    2013-06-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A anestesia regional intravenosa (ARIV para cirurgias de membros superiores com a tradicional alta dose de lidocaína pode levar a efeitos colaterais potencialmente letais. A fim de evitar esses efeitos, muitas técnicas modificadas de ARIV foram experimentadas com o uso de uma dose baixa de lidocaína, relaxante muscular e opioide. MÉTODOS: O presente estudo foi feito com 60 pacientes não medicados previamente, com classificação ASA 1-2, para comparar as características sensoriais e motoras, os parâmetros cardiorrespiratórios e os efeitos colaterais durante o período intraoperatório e de deflação pós-torniquete entre os pacientes que receberam 40 mL de lidocaína a 0,5% (n = 30 e aqueles que receberam uma combinação de 40 mL de lidocaína a 0,25% com 0,05 mg de fentanil e 0,5 mg de vecurônio (n = 30 em ARIV para cirurgias ortopédicas de membros superiores. Os resultados foram analisados com o uso do teste t de Student pareado para identificar a significância estatística. RESULTADO: A diferença entre os dois grupos em relação ao tempo médio de início e completo bloqueio sensitivo e motor foi estatisticamente significante. Porém, houve completo bloqueio sensitivo e motor em ambos os grupos 15 minutos após a injeção da solução anestésica. CONCLUSÃO: Embora a pequena demora observada no início e na obtenção completa dos bloqueios sensitivo e motor possa, teoricamente, atrasar o início da cirurgia em 10-15 minutos, clinicamente esse tempo seria gasto na preparação do campo cirúrgico. Portanto, essa combinação pode ser usada com segurança e eficácia em anestesia regional intravenosa para cirurgias ortopédicas de membros superiores com menor possibilidade de toxicidade anestésica local.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: La anestesia regional intravenosa (ARIV para cirugías de miembros superiores con la tradicional dosis alta de lidocaína, puede conllevar a efectos colaterales que

  15. Efeitos da solução salina hipertônica a 7,5% em glicose a 5% nas concentrações séricas de sódio, cloreto e potássio de eqüinos com hipovolemia induzida Effects of 7,5% hypertonic saline in 5% glucose on serum levels of sodium, chloride and potassium in induced hypovolemic horses

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A.I. Bordin

    2007-06-01

    Full Text Available Estudaram-se os efeitos de soluções salinas isotônica e hipertônica em eqüinos hipovolêmicos sobre as concentrações séricas de sódio, cloreto e potássio e freqüências cardíaca (FC e respiratória (FR. Quinze eqüinos machos com peso entre 390 e 475kg e idades entre quatro e 18 anos foram submetidos à retirada de sangue correspondente a 2% do peso corporal e distribuídos em três grupos de igual número: o grupo GSH recebeu solução hipertônica de NaCl a 7,5% em glicose a 5%; o GSI, solução isotônica de NaCl a 0,9%; e o GC não foi tratado. Os eletrólitos séricos foram avaliados antes (T0, após a retirada de sangue (T1 e após a infusão das soluções, entre 20 e 30 minutos (T2, entre 60 e 70 minutos (T3 e entre 120 e 130 minutos (T4. Após T0, houve elevação da FC e da FR, e as concentrações séricas de Na, Cl, K permaneceram inalteradas. Após a infusão, houve melhora das variáveis clínicas em GSI e GSH, em relação ao GC. Quanto a T3 e T4, os valores de Na em T2 do GSH foram maiores, e os de Cl e de K não se alteraram. As soluções hipertônica e isotônica são seguras na correção da hipovolemia induzida e não produzem alteração eletrolítica significativa.The effect of isotonic and hypertonic solutions on serum levels of sodium, chloride and potassium and cardiac (CR and respiratory rates (RR of hypovolemic horses were studied. Fifteen horses weighting from 390 to 475kg, aging from four to 18-years-old were submitted to bleeding of 2% of body weight and divided in three groups: 7.5% NaCl hypertonic saline in 5% glucose (GSH, 0.9% NaCl isotonic saline and control group (GC. Serum electrolytes were evaluated before (T0 and after bleeding (T1 and after the administration of the solutions between 20 and 30 minutes (T2, 60 and 70 minutes (T3 and 120 and 130 minutes (T4. After T0, CR and RR increased while serum sodium, chloride, potassium were not affected. After the treatment, the clinical variables

  16. Anestesia regional intravenosa primeiro centenário (1908-2008: Início, desenvolvimento e estado atual A anestesia regional intravenosa primer centenario (1908-2008: Inicio, desarrollo y estado actual Intravenous regional anesthesia first century (1908-2008: Beggining, development, and current status

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Almiro dos Reis Jr

    2008-06-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A anestesia regional intravenosa completa neste ano de 2008 um século de existência. Sendo técnica anestésica amplamente utilizada, justifica-se recordar o fato, comemorar a data, lembrar aos anestesiologistas brasileiros o processo evolutivo pelo qual ela passou, sobretudo nos últimos 40 anos, e prestar um tributo àquele que a iniciou: August Karl Gustav Bier. CONTEÚDO: O texto relata a origem da anestesia locorregional em geral e da anestesia regional intravenosa em particular, desde a introdução do garroteamento de membros e da descoberta e do aperfeiçoamento das agulhas de punção, das seringas e dos anestésicos locais. São descritos os detalhes técnicos inicialmente utilizados por Bier e os conceitos fisiopatológicos e clínicos por ele emitidos em princípios do século XX. Retrata a evolução inicial e das décadas seguintes da anestesia regional intravenosa, cita os pioneiros nacionais e internacionais no seu uso, explica as razões do seu estudo científico relativamente tardio, descreve as principais contribuições havidas até hoje para sua utilização eficiente e segura. Finalmente, narra o estado atual dos principais conhecimentos adquiridos ao longo do tempo, como mecanismo e local de ação do anestésico e da isquemia, uso de soluções anestésicas modernas, aperfeiçoamento da analgesia pós-operatória e do bloqueio motor, conceitos farmacocinéticos e fisiopatológicos e melhor interpretação das principais complicações possíveis. CONCLUSÕES: A anestesia regional intravenosa é técnica anestésica criada por A.K.G. Bier há exatamente 100 anos. Evoluiu pouco e lentamente na primeira metade do século XX e muito nos últimos anos, graças a numerosos desenvolvimentos técnicos, fisiopatológicos, farmacológicos, farmacocinéticos e clínicos, para o que a Anestesiologia brasileira deu grande contribuição. Completando neste ano de 2008 seu primeiro centenário, a anestesia

  17. Anestesia combinada e extubação precoce em paciente com persistência do canal arterial: relato de caso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo Antônio de Mattos Gouvêa

    2001-01-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: O canal arterial é uma estrutura que integra a circulação fetal. Fatores como prematuridade, hipóxia, acidose e sepse contribuem para a sua patência. O objetivo deste relato é demonstrar a utilização da anestesia combinada em cirurgia para correção da persistência do canal arterial. RELATO DO CASO: Paciente masculino, 14 meses, 11 kg,estado físico ASA II com infecções respiratórias de repetição, foi submetido à correção cirúrgica de PCA. Utilizou-se midazolam (0,5 mg.kg-1 por via oral, no pré-anestésico, seguido de indução inalatória com halotano 1-2%. A hidratação foi feita com solução de Ringer com lactato (8 ml.kg-1.h-1. Após intubação orotraqueal foi iniciada ventilação mecânica em sistema circular pediátrico com reabsorvedor de CO2. Procedeu-se bloqueio peridural torácico no espaço T1-T2 com injeção única de bupivacaína a 0,125% com adrenalina 1:800.000 no volume de 0,5 ml.kg-1. A manutenção foi feita com halotano (0,5-0,6 CAM. O procedimento cirúrgico durou 70 minutos e foi feito por toracotomia látero-posterior com boa estabilidade cardiovascular. A criança foi extubada na sala cirúrgica e encaminhada para SRPA em boas condições. CONCLUSÕES: A técnica de anestesia combinada em anestesia pediátrica promove melhora na qualidade da analgesia per e pós-operatória. O bloqueio peridural torácico, com indicação criteriosa, pode ser utilizado com bons resultados.

  18. Bienestar animal de corderos ternascos durante su espera en matadero

    National Research Council Canada - National Science Library

    Perez-Santaescolastica, C; Apeleo, E; Muino, I; Rivas-Canedo, A; Perez, C; Lauzurica, S; Diaz, M.T; Caneque, V; De la Fuente, J

    2012-01-01

    .... Se tomaron muestras de sangre durante el sacrificio del animal para la valoracion de diferentes parametros sanguineos de respuesta de estres y tras el faenado se valoro la calidad de la canal y de la...

  19. Alterações cardiorrespiratórias da anestesia geral em eqüinos com romifidina, tiletamina/zolazepam e halotano

    OpenAIRE

    Polydoro,Alexandre da Silva; Natalini,Cláudio Corrêa; Schossler,João Eduardo Wallau; Hennemann,Carla Rosane de Aguiar; Cassol,Débora Socal; Futema,Fábio

    1997-01-01

    Dez equinos foram submetidos a anestesia com romifidina (80 mig/kg via intravenosa), indução com a associação tiletamina/zolazepam (1,1mg/kg em solução a 5% via intravenosa) e manutenção com halotano. A avaliação cardiorrespiratória foi realizada pela mensuração dos parâmetros de freqüências cardíaca e respiratória, pressão arterial média invasiva, equilíbrio ácido-base por hemogasometria arterial e perfil hematológico de hematócrito, proteína plasmática total e glicemia. Foram mensurados os ...

  20. Modelo de anestesia em coelhos para procedimentos no tórax Anesthesia model in rabbits for thoracic surgery

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elias Kallas

    2001-06-01

    Full Text Available A intubação endotraqueal em coelhos é dificil. O risco anestésico não é desprezível pela estreita margem de segurança entre o plano anestésico e o óbito. Tais fatos despertaram nosso interesse por uma solução simples e segura. Dez animais machos receberam por via intramuscular acepromazina, cetamina e xilazina. Após dez minutos procedeu-se exposição do ligamentum cricothyroideum , o qual foi incisado para colocação de tubo endotraqueal iniciando-se a administração de oxigênio e halotano. A punção arterial foi realizada para controle da pressão arterial média. Procedeu-se toracotomia no quinto espaço intercostal esquerdo com biópsia do pulmão e colabamento pulmonar, iniciando-se a ventilação seletiva do pulmão contra-lateral. Amostras sangüíneas, para medida do pH, foram colhidas no início do procedimento, após o colabamento pulmonar e no final, antes da expansão do pulmão, 30 minutos após o colabamento. Fechado o tórax, foi retirado o tubo endotraqueal tão logo o animal apresentasse recuperação dos reflexos e a seguir suturado ligamentum cricothyroideum. Os animais foram submetidos a eutanásia 14 dias após, quando procedeu-se a nova biópsia pulmonar, a retirada da traquéia e da laringe, para exame. Concluiu-se que este é um procedimento simples e seguro de anestesia para cirurgia torácica em coelhos.The endotracheal intubation of rabbits is difficult. The anesthetic risk is high because of the narrow difference between the effective and the lethal dose. We used a safe and simple method. Ten male animals received intramuscular injection of acepromazine, cetamine, and xylazine. Ten minutes later, an endotracheal canula was inserted trough a small cervical incision on the crico-tyroid membrane, to administrate oxigen and halothane. Thoracotomy was performed in the 5th. left intercostal space and a pulmonary biopsy too. The left lung collapsed and ventilation of the right lung remained for the next 30

  1. Effects of constant rate infusion of anesthetic or analgesic drugs on general anesthesia with isoflurane: A retrospective study in 200 dogs Efeitos da infusão intravenosa contínua de fármacos anestésicos ou analgésicos sobre a anestesia geral com isoflurano: Estudo retrospectivo em 200 cães

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sofia de Amorim Cerejo

    2013-09-01

    ésicos ou analgésicos no período perioperatório durante 2011 e 2012 no Hospital Veterinário da Universidade de Franca (Unifran. Foram identificadas possíveis complicações durante o período trans-operatório. Os registros avaliados incluíram estado clínico, exames laboratoriais, fármacos utilizados na pré-medicação e indução, e protocolos de IC. Acepromazina e morfina foram os principais fármacos usados na pré-medicação. O propofol foi utilizado para induzir a anestesia, isolado ou em associação com outros agentes. Foram avaliados os registros de 25 protocolos diferentes de IC. O fentanil foi o principal fármaco utilizado na IC, isoladamente ou em associação. Houve 128 episódios de complicações anestésicas durante a IC; os mais comuns foram hipotensão, hipertensão e taquicardia, que ocorreram em 43 (32%, 35 (26,3%, e 19 (14,2% cães, respectivamente. Arritmia cardíaca foi relatada em apenas 4 cães. Sinais de depressão respiratória estiveram presentes em cães tratados com 6 diferentes protocolos de IC, especialmente com fentanil. O consumo de isoflurano (vol.% reduziu entre 15,7% e 21,05%, após 30 minutos da IC nos grupos fentanil e fentanil-lidocaína-cetamina (p <0,05. Em conclusão, a IC é um componente válido da anestesia balanceada em cães, segura e tem baixa incidência de efeitos adversos. No entanto, estudos futuros são necessários para descrever os resultados do uso clínico da IC para melhor caracterizar e aperfeiçoar esta técnica.

  2. Anestesia para craneosinostosis

    National Research Council Canada - National Science Library

    González Cárdenas, Víctor Hugo; Vanegas Martínez, María Victoria; Rojas Rueda, María Elvira; Susana Guevara, Nelly; Prada, José Rolando; Baquero, Pablo

    2014-01-01

    La craneosinostosis es un trastorno congenito que requiere intensas cirugias reconstructivas que implican alta probabilidad de hemorragia severa, transfusion masiva y dificil abordaje de la via aerea...

  3. Estudio de la respuesta inflamatoria pulmonar y sistémica secundaria a cirugía de resección pulmonar con anestesia intravenosa versus anestesia inhalatoria

    OpenAIRE

    Piñeiro Otero, Patricia

    2016-01-01

    La Ventilación unipulmonar (VUP) se ha convertido en un procedimiento estándar para muchas intervenciones quirúrgicas en cirugía torácica con el fin de facilitar el acceso quirúrgico. Se ha demostrado que durante la cirugía de resección pulmonar se produce una respuesta inflamatoria pulmonar importante inducida por múltiples factores, como son: el daño mecánico de la manipulación quirúrgica, la ventilación unipulmonar, la atelectasia y reexpansión del pulmón colapsado, la hiperoxia por elevad...

  4. As forças transientes durante a marcha militar

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Thais Pereira Guisande

    2013-12-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: O padrão vertical anormal da força de reação do solo (FRS apresenta a assimetria ou mais de dois picos como marcha patológica típica. Uma força típica e assimétrica é a força transiente. Será que a marcha militar é uma espécie de marcha patológica? OBJETIVO: Descrever e analisar a força de reação do solo vertical durante a fase de apoio da marcha militar. MÉTODO: Os participantes foram 20 soldados do Exército Brasileiro que tiveram anteriormente uma lesão nos membros inferiores relacionada com a marcha militar. Duas plataformas de força foram usadas para medir as componentes da FRS (mediolateral, anteroposterior e vertical durante a marcha. Para cada lado e condição (andar e marcha, cinco amostras para cada pé foram registradas. A análise de variância foi utilizada para comparar os parâmetros da FRS durante o andar e marcha. RESULTADO: O primeiro pico de força foi o mais alto durante a condição de marcha. O pico de força transiente durante a marcha foi maior que o primeiro pico durante o andar. A força mínima foi a maior durante a marcha. CONCLUSÃO: A análise das forças de reação do solo marcha militar mostra uma força vertical transiente que não está normalmente presente no padrão de marcha normal.

  5. Efeito da anestesia geral na cognição e na memória do idoso Efecto de la anestesia general en la cognición y memoria del paciente de edad avanzada Effects of general anesthesia in elderly patients’ memory and cognition

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Régis Borges Aquino

    2004-10-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A anestesia geral e a função mental têm sido alvo de estudos e considerações, especialmente pelo sentimento de que ela, particularmente em idosos, poderia induzir alterações na cognição e na memória. O objetivo dessa pesquisa foi avaliar o efeito da anestesia geral na cognição e na memória do idoso correlacionando-a ao sexo, à idade e ao tempo de anestesia. MÉTODO: Estudo de coorte controlado realizado em pacientes categorizados em dois grupos de observação: a- anestésico; b- clínicos (controle. As variáveis de desfecho consideradas foram os escores dos testes MiniMental, de Fluência Verbal e de Lembrança Numérica. Anestesia geral com halotano, isoflurano, sevoflurano, tiopental, propofol, etomidato, fentanil alfentanil, succinilcolina atracúrio, pancurônio. Intra-operatório com PaCO2 entre 30 e 45 mmHg e saturação de hemoglobina acima de 90% e tolerância de PA com diminuição até 20% do valor basal. Foram excluídos os pacientes que apresentaram algum evento adverso no intra e pós-operatório. Dados categóricos analisados pelo teste do Qui-quadrado. A comparação inicial entre os grupos no momento basal (pré-anestésico foi realizada pelo t de Student para amostras independentes. Para avaliação do efeito do processo anestésico ao longo do tempo, foi utilizada a Análise de Variância (ANOVA para medidas repetidas. RESULTADOS: No teste do MiniMental os grupos apresentaram comportamento semelhante sendo notado aumento de escores ao longo do tempo. No teste de Fluência Verbal, em ambos os grupos os escores mantiveram-se praticamente inalterados. No teste de Lembrança Numérica o comportamento dos grupos foi muito semelhante ao longo do seguimento sendo que os escores aumentaram em ambos os grupos. CONCLUSÕES: Não foi detectado declínio de cognição ou de memória no pós-operatório de idosos de 60 a 80 anos de ambos os sexos, submetidos à anestesia geral com duração de 3 a

  6. Sigmund Freud (1856-1939 e Karl Köller (1857-1944 e a descoberta da anestesia local Sigmund Freud (1856-1939 y Karl Köller (1857-1944 y el Descubrimiento de la anestesia local Sigmund Freud (1856-1939 and Karl Köller (1857-1944 and the Discovery of local anesthesia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Almiro dos Reis Jr

    2009-04-01

    Full Text Available JUSTIFICATVA E OBJETIVOS: O entendimento por vezes admitido de que Sigmund Freud teve a intuição de utilizar a cocaína como anestésico local para intervenções cirúrgicas, ou mesmo de que ele tenha tido algum papel na descoberta da anestesia local não é verídico. Os objetivos das pesquisas de Freud eram outros e o verdadeiro realizador da descoberta foi Karl Köller, sobre o que há argumentos irrefutáveis. Diante desses fatos, tem importância histórica o conhecimento correto da questão. CONTEÚDO: O texto refere-se às propriedades há muito conhecidas da cocaína. Recorda dados pessoais, atividades profissionais e científicas de Sigmund Freud e de Karl Köller. Apresenta as pesquisas de Freud sobre efeitos fisiopatológicos observados com a cocaína. Expõe as razões das duras críticas recebidas por Freud diante de conceitos por ele emitidos. Descreve a súbita, porém consciente e justificada idéia de Karl Köller de estudar cientificamente a cocaína como anestésico local em animais e seres humanos. Indica como foram realizadas as pesquisas pioneiras que culminaram com a descoberta da anestesia local por Köller e as duas exposições sobre esta, feitas em Viena. Relata a primeira intervenção cirúrgica oftalmológica sob anestesia local. Comprova a imediata difusão pelo mundo da descoberta que marcou o início da anestesia locorregional. Comenta numerosos documentos comprobatórios da prioridade de Köller na descoberta. Finalmente, menciona as numerosas homenagens recebidas por Köller em várias partes do mundo. CONCLUSÕES: A anestesia locorregional foi iniciada por Karl Köller em 1884, quando ele provou a possibilidade de praticar intervenções cirúrgicas oftalmológicas sem dor utilizando a cocaína como anestésico local. Sigmund Freud realizou muitas pesquisas sobre a cocaína, mas não participou diretamente do importantíssimo feito.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: Los que a veces se cree de que Sigmund Freud tuvo

  7. Anestesia por infusão contínua de propofol em cães pré-medicados com acepromazina e fentanil Anesthesia by continuous infusion of propofol in dogs premedicated with acepromazine and fentanyl

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jefferson da Silva Pires

    2000-10-01

    Full Text Available O propofol (2,6 diisopropilfenol é um agente hipnótico de ultra curta duração que produz sedação e hipnose similar aos barbitúricos, sendo desprovido de ação analgésica. Quimicamente, é o único agente anestésico venoso que pode ser usado tanto na indução como na manutenção anestésica. O presente trabalho objetivou avaliar freqüência cardíaca, respiratória, oximetria, pressão arterial média, volume minuto e volume corrente em cães pré-medicados com acepromazina e fentanil e anestesiados por infusão contínua de propofol. Dez cães foram submetidos à medicação pré-anestésica com acepromazina (0,1mg.kg-1 e fentanil (0,01mg.kg-1, indução (3,16mg.kg-1 e manutenção anestésica com propofol em infusão contínua por noventa minutos, na velocidade de 0,4mg.kg-1.min-1. Os parâmetros foram mensurados imediatamente após a indução, 10, 20, 30, 60 e 90 minutos após; final da infusão e 30 minutos após o seu término. Os parâmetros foram analisados por análise de variância para valores repetidos e as médias foram analisadas pelo teste de Tuckey em nível de 5%. O protocolo utilizado não produziu variações estatisticamente significativas em nenhum dos parâmetros analisados. Um animal apresentou apnéia durante a indução. Embasado nesses resultados, verifica-se que o presente protocolo é seguro e eficaz para a realização de anestesia venosa em caninos.Propofol (2,6 diisopropylphenol is an ultra short duration hypnotic agent that produces sedation and hypnosis similar to barbituric agent, but lacks analgesic action. This is a chemically unique anesthetic agent that can be used for induction and anesthetic maintenance. The objective of this research was to evaluate the cardiac and respiratory rate, oximetry, mean arterial blood pressure and tidal volume and minute volume in dogs premedicated with acepromazine and fentanyl and anesthetized by continuous infusion by propofol. Ten dogs were submitted to

  8. Anestesia neuroaxial comparada à anestesia geral para revascularização dos membros inferiores em idosos: revisão sistemática com metanálise de ensaios clínicos aleatórios Anestesia neuroaxial comparada a la anestesia general para la revascularización de los miembros inferiores en ancianos: revisión sistemática con metanálisis de ensayos clínicos aleatorios Neuroaxis block compared to general anesthesia for revascularization of the lower limbs in the elderly: a systematic review with metanalysis of randomized clinical studies

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabiano Timbó Barbosa

    2009-04-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A controvérsia atual é saber se a anestesia neuroaxial (AN é mais eficiente que a geral (AG em idosos submetidos à cirurgia não-cardíaca. O objetivo foi determinar a eficiência da AN comparada à AG para revascularização de membros inferiores (RMI em idosos. MÉTODO: Utilizada estratégia de busca para as bases de dados: MEDLINE (1955 a 2007, CINHAL ( 1982 a 2007, Embase (1980 a 2007, LILACS (1982 a 2007 e ISI (1945 a 2007. Dois revisores analisaram independentemente os artigos em busca de ensaios clínicos aleatórios (ECA que comparassem a AN com a AG para a RMI. O texto completo dos ECA que atendessem aos critérios de inclusão foram analisados. Discordâncias foram analisadas em reuniões de consenso. A metanálise foi realizada com o software Review Manager, por meio da razão de chances com intervalo de confiança de 95%. RESULTADOS: Foram selecionados três artigos originais envolvendo 465 pacientes. Não houve significância estatística na metanálise das variáveis: mortalidade (OR: 0,90; IC 95%: 0,30 - 2,73; P = 0,85 raquianestesia; OR: 1,30; IC 95%: 0,38 - 4,48; P = 0,68 anestesia peridural, infarto miocárdico (OR: 1,38; IC 95%: 0,29 - 6,46; P = 0,68 e taxa de amputação dos membros inferiores (OR: 0,81; IC 95%: 0,30 - 2,19; P = 0,68 raquianestesia; OR: 0,70; IC 95%: 0,24 - 2,07; P = 0,52 anestesia peridural. Houve significância estatística para pneumonia (OR: 0,37; IC 95%: 0,15 - 0,89; P = 0,03, porém houve heterogeneidade clínica. CONCLUSÕES: As evidências geradas nessa metanálise foram insuficientes para demonstrar que a AN é mais eficiente, equivalente, ou menos eficiente quando comparada a AG para RMI em idosos.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: La controversia actual es saber si la anestesia neuroaxial (AN es más eficaz que la anestesia general (AG en ancianos sometidos a la cirugía no cardíaca. El objetivo fue determinar la eficacia de la AN comparada con la AG para revascularizaci

  9. Avaliação de alterações timpanométricas em pacientes submetidos à anestesia geral com óxido nitroso Evaluation of tympanometric alterations in patients subject to general anesthesia with nitrous oxide

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernanda Mossumez Fernandes Teixeira

    2005-06-01

    Full Text Available O óxido nitroso é um gás inalatório que pode aumentar a pressão intratimpânica durante o ato anestésico, bem como causar pressão negativa após sua suspensão, principalmente em pacientes com disfunção da tuba auditiva. Estas variações pressóricas podem trazer implicações clínicas, como ruptura de membrana timpânica, desarticulação da cadeia ossicular, hemotímpano, barotrauma, deslocamento de prótese de estapedotomia e lateralização do enxerto nas timpanoplastias, além da entrada de fluido seroso na orelha média durante a fase de pressão negativa. OBJETIVO: Avaliar a influência do óxido nitroso na pressão da orelha média em uma população sem disfunção tubária, realizando timpanometria no pré e pós-operatório. FORMA DE ESTUDO: Coorte transversal. MATERIAL E MÉTODO: Foi realizado um estudo prospectivo com pacientes internados no Hospital Universitário Clementino Fraga Filho - UFRJ, submetidos à anestesia geral com o uso do óxido nitroso a 50%, durante o período de abril a julho de 2003. Avaliou-se ainda se a duração da cirurgia, anestésicos associados, presença de rinite alérgica e desvio de septo nasal poderiam influenciar no aparecimento das alterações da pressão intratimpânica. RESULTADOS: A amostra constituiu-se de 50 pacientes, encontrando-se em quase metade (48% alterações timpanométricas no pós-operatório (curva tipo C, quando comparado às de controle do pré-operatório (curva tipo A. Sexo e idade não interferiram no aparecimento das alterações timpanométricas no pós-operatório, bem como a duração da cirurgia. O tipo de anestésico volátil associado, desvio de septo nasal e rinite alérgica não exerceram influência na pressão da orelha média no pós-operatório. CONCLUSÃO: O óxido nitroso altera a pressão na orelha média tanto na fase de indução quanto na fase de resolução anestésica.Nitrous oxide is an inhaling gas that can increase intratympanic pressure

  10. Enfisema subcutâneo durante inclusão de prótese mamária: relato de caso Enfisema subcutáneo durante inclusión de prótesis mamaria: relato de caso Subcutaneous emphysema during breast augmentation: case report

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Talita Franco

    2007-08-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A ocorrência de enfisema subcutâneo na parede torácica durante procedimento cirúrgico onde se realizou infiltração de anestésico pode sugerir a presença de pneumotórax e suas possíveis complicações. A ocorrência de pneumotórax durante mamoplastia de aumento já foi descrita. Contudo, não foram encontrados na literatura pesquisada, relatos de presença isolada de enfisema subcutâneo nesse tipo de procedimento. O objetivo deste relato foi ressaltar a importância de adequada monitoração do paciente no intra-operatório, da integração dos membros da equipe e descrever o enfisema subcutâneo, isolado, em paciente submetida à inclusão de próteses mamárias. RELATO DO CASO: Paciente com 27 anos, 1,70 m, 54 kg, apresentava hipomastia bilateral, tendo sido submetida à inclusão de próteses mamárias em plano retroglandular. O procedimento foi realizado sob anestesia geral inalatória, associada à infiltração de solução anestésica, em plano subcutâneo, da área a ser manipulada. Durante a operação percebeu-se crepitação, característica de enfisema subcutâneo, em extensa área anterior do tórax. Não houve alteração nos parâmetros de monitoração da paciente. A radiografia realizada no pós-operatório confirmou o quadro clínico e descartou a ocorrência de outras complicações. CONCLUSÕES: A ocorrência de enfisema subcutâneo durante inclusão de próteses mamárias pode ser um dado inocente, mas é importante verificar as condições clínicas da paciente e afastar a possibilidade de pneumotórax.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: La incidencia de enfisema subcutáneo en la pared torácica durante procedimiento quirúrgico donde se realizó infiltración de anestésico puede sugerir la presencia de neumotórax y sus posibles complicaciones. La incidencia de neumotórax durante mamoplastía de aumento ya fue descrita, pero no se encontraron en la literatura investigada, relatos de

  11. Reação anafilática durante transplante renal intervivos em criança alérgica ao látex: relato de caso Reacción anafiláctica durante transplante renal intervivos en niño alérgico al látex: relato de caso Anaphylaxis during renal transplantation of live donor graft in a child with latex allergy: case report

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Glória Maria Braga Potério

    2009-04-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A alergia ao látex vem se tornando frequente, atingindo pacientes e profissionais de saúde. O objetivo deste relato foi apresentar um caso de criança alérgica ao látex que desenvolveu crise anafilática durante anestesia para transplante renal e destacar algumas condutas multiprofissionais empregadas para diminuir o risco de choque anafilático após a reperfusão do transplante. RELATO DO CASO: Criança do sexo masculino, com 5 anos e 10 meses, P3 pela classificação da ASA, com história de alergia ao látex, diagnosticada após contato com bexigas de festa e confirmada por testes Rast específico para o látex e Prick teste, foi submetida a transplante renal intervivos, por insuficiência renal terminal em consequência de malformação urológica. Os cuidados para evitar a exposição da criança ao látex seguiram os protocolos para paciente alérgico ao látex, adotados pelo Serviço de Anestesia e de Enfermagem do Hospital das Clínicas da UNICAMP. Foram iniciados na véspera da operação com a limpeza terminal das salas cirúrgicas e a substituição de todos os produtos médico-hospitalares por produtos isentos de látex. Os equipamentos e materiais utilizados durante o procedimento possuíam laudo técnico de isenção completa de látex, fornecido pelo fabricante. A operação foi realizada sob anestesia geral com ventilação controlada mecânica. Ao final da operação necessitou de transfusão de concentrado de hemácias administrado com auxílio de pressurizador, apresentando rash cutâneo, cessou-se a transfusão, administrou-se hidrocortisona e aumentou-se a infusão de cristaloides. A resposta ao tratamento foi satisfatória e imediata. CONCLUSÕES: A alergia ao látex tornou-se um problema de saúde pública e o conhecimento de condutas terapêuticas específicas possibilita o pronto atendimento e menor risco para os pacientesJUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: La alergia al látex ha venido alcanzando

  12. Prostate innervation and local anesthesia in prostate procedures Inervação prostática e anestesia local em procedimentos prostáticos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alexandre Oliveira Rodrigues

    2002-01-01

    Full Text Available The nerve supply of the human prostate is very abundant, and knowledge of the anatomy contributes to successful administration of local anesthesia. However, the exact anatomy of extrinsic neuronal cell bodies of the autonomic and sensory innervation of the prostate is not clear, except in other animals. Branches of pelvic ganglia composed of pelvic (parasympathetic and hypogastric (sympathetic nerves innervate the prostate. The autonomic nervous system plays an important role in the growth, maturation, and secretory function of this gland. Prostate procedures under local anesthesia, such as transurethral prostatic resections or transrectal ultrasound-guided prostatic biopsy, are safe, simple, and effective. Local anesthesia can be feasible for many special conditions including uncomplicated prostate surgery and may be particularly useful for the high-risk group of patients for whom inhalation or spinal anesthesia is inadvisable.A prostáta, uma das glândulas sexuais acessórias masculinas, possui inervação muito rica. A anatomia detalhada dos corpos neuronais extrínsecos responsáveis pela inervação autonômica e sensorial da próstata não está totalmente esclarecida, exceto em animais. A próstata é inervada pelos nervos pélvico (parassimpático e hipogástrico (simpático, ramos dos gânglios nervosos pélvicos. O sistema nervoso autonômico possui importante papel no crescimento, maturação e na função secretora desta glândula. Alguns procedimentos prostáticos, como resecção transuretral ou biópsia transretal guiada por ultra-sonografia, são simples, eficazes e seguros com o uso de anestesia local. Esta opção pode ser factível frente à várias condições especiais, como cirurgias prostáticas simples, sendo particularmente útil no grupo de pacientes de alto risco cirúrgico, onde a anestesia inalatória ou espinhal não é aconselhável.

  13. Hematoma subdural intracraniano pós-anestesia subaracnóidea: relato de dois casos e revisão de 33 casos da literatura

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jane Auxiliadora Amorim

    2010-12-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Hematoma subdural intracraniano é uma complicação rara pós-anestesia subaracnóidea. Relatamos dois casos de mulheres que desenvolveram hematoma subdural crônico pós-anestesia subaracnóidea, diagnosticados após a evolução clínica prolongada de cefaleia pós-punção dural (CPPD e analisamos outros 33 casos encontrados em revisão da literatura. RELATO DOS CASOS: Nos 35 pacientes (idade entre 20-88 anos, 19 homens, 14 tinham mais de 60 anos (40% sendo 12 (86% homens. A relação se inverte no grupo de pacientes mais jovens (< 60 anos, no qual há duas vezes mais mulheres (14:7. Dois picos de maior incidência foram observados: 30-39 anos (31% e 60-69 anos (29%. O período de tempo decorrido entre o início dos sintomas até o diagnóstico variou entre 4 horas e 29 semanas. Cefaleia foi referida por 26/35 (74,3% casos; alteração do nível de consciência em 14/35 (40,0%; vômitos em 11/35 (31,4%; hemiplegia ou hemiparesia em 8/35 (22,9%; diplopia ou paresia do VI nervo craniano em 5/35 (14,3%; e distúrbio da linguagem em 4/35 (11,4%. Os fatores contribuintes foram: gravidez, múltiplas punções, uso de anticoagulantes, anormalidades vasculares intracranianas e atrofia cerebral. Em 15 casos, não foi citado qualquer fator contribuinte. Quatro em 35 pacientes (11,4% ficaram com sequelas neurológicas e 4/35 (11,4% morreram. CONCLUSÕES: A presença de qualquer um desses sinais ou sintomas mencionados serve de alerta para a possibilidade de ocorrer hematoma subdural intracraniano como complicação da punção dural, principalmente naqueles pacientes que apresentaram CPPD por mais de uma semana, quando uma investigação por neuroimagem se faz necessária.

  14. Paraplegia and intracranial hypertension following epidural anesthesia: report of four cases Paraplegia e hipertensão craniana após anestesia epidural: relato de 4 casos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Frederico A. D. Kliemann

    1975-09-01

    Full Text Available Four patients who received epidural anesthesia presented sustained myelopathy; three of them had complete paraplegia and one a lumbo-sacral myelopathy with urinary retention. All four patients complained of very intense radicular pains immediately after the analgesic effect of Lidocaine was over. Two patients in whom lumbar puncture was done in the first 24 hours presented an aseptic meningitic reaction in CSF. Paraplegia completed in two to ten months in three patients and in two of them severe intracranial hypertension developped at this time. It is proposed that the disease runs a two-stages course, at least in some cases, characterized by an aseptic meningitis, followed, after a silent period of some months, by signs of adhesive spinal and intracranial arachnoiditis. Intracranial hypertension was controlled by ventriculo-peritoneal shunt; in two patients a transitory effect of intrathecal injections of methyl-prednisolone acetate was observed. Two patients recovered almost completely from paraplegia.Quatro pacientes que receberam anestesia epidural apresentaram mielopatia de longa evolução; em três ocorreu paraplegia completa e um apresentou uma síndrome medular lombo-sacra com retenção urinária. Todos os pacientes se queixaram de intensas dores radiculares imediatamente após a cessação do efeito analgésico da lidocaína. Dois pacientes apresentaram uma reação meningítica asséptica no líquido cefalorraqueano nas primeiras 24 horas. A paraplegia tornou-se completa em 2 a 10 meses após a anestesia; dois pacientes tiveram hipertensão craniana severa. Em alguns casos, senão em todos, esta afecção apresenta uma evolução em duas etapas, caracterizadas por meningite asséptica imediata, seguida, depois de um período silencioso de poucos meses, de sinais de aracnoidite adesiva espinal e intracraniana. A hipertensão intracraniana foi controlada por derivação ventriculo-peritoneal; em 2 pacientes houve melhora transit

  15. Efeitos hemodinâmicos da anestesia em plano profundo com infusão intravenosa contínua de propofol ou propofol associado à lidocaína em cães

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rodrigo Mannarino

    2014-02-01

    Full Text Available Os efeitos hemodinâmicos da anestesia total intravenosa com propofol ou propofol associado à lidocaína foram estudados em 12 cães. No grupo P (n=6, os animais receberam bolus de 6mg kg-1 de propofol e infusão contínua de 1,25mg kg-1 min-1. No grupo PL (n=6, os animais receberam bolus de 6mg kg-1 de propofol e 1,5mg kg-1 de lidocaína, seguido de infusão de 1,0mg kg-1 min-1 e 0,25mg kg-1 min-1, dos mesmos fármacos, respectivamente. Os animais foram instrumentados para mensuração das variáveis hemodinâmicas e do índice bispectral (BIS, aos 75, 90, 105 e 120 minutos de anestesia. Foram observados valores menores de índice cardíaco, índice sistólico, pressões arteriais sistólica, diastólica e média no grupo P do que no grupo PL (P<0,05. Não foram observadas diferenças entre os grupos na frequência cardíaca, índice de resistência vascular sistêmica e BIS. As concentrações plasmáticas de propofol foram menores no grupo PL do que no grupo P (medianas de 5,7 a 6,1µg mL-1 no grupo P versus 3,1 a 3,7µg mL-1 no grupo PL. As concentrações plasmáticas de lidocaína (medianas de 2,27 a 2,51µg mL-1 mensuradas encontram-se na faixa que resulta em analgesia e abaixo de valores que resultam em toxicidade em cães. Os valores de BIS obtidos nos dois grupos foram compatíveis com plano profundo de anestesia (médias de 43 a 46 e 45 a 49 nos grupos P e PL, respectivamente. A manutenção da anestesia em plano profundo com lidocaína-propofol causa menor depressão cardiovascular do que a anestesia com dose equipotente de propofol isoladamente.

  16. Barotrauma ocular durante mergulho autônomo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Fernanda Abalem de Sá

    2011-12-01

    Full Text Available Relato de um caso de barotrauma ocular bilateral relacionado ao mergulho autônomo, com hemorragia conjuntival e periocular. Alguns conceitos de física e cuidados durante o mergulho são reportados para um melhor entendimento da fisiopatogenia do quadro, de modo que se possa melhor orientar os pacientes quanto à prevenção.

  17. Manobra de recrutamento alveolar em anestesia: como, quando e por que utilizá-la Maniobra de reclutamiento alveolar en anestesia: como, cuando y por qué utilizarla Alveolar recruitment maneuver in anesthetic practice: how, when and why it may be useful

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciana Oliveira Gonçalves

    2005-12-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A manobra de recrutamento alveolar (MRA consiste na reabertura de áreas pulmonares colapsadas através do aumento da pressão inspiratória na via aérea, utilizada principalmente em pacientes com Síndrome do Desconforto Respiratório Agudo. O objetivo deste estudo foi avaliar a aplicação da MRA em anestesia, como realizá-la e em quais situações clínicas. MÉTODO: Revisão de literatura através da base de dados MedLine, no período compreendido entre 1993 e 2004. RESULTADOS: A forma mais utilizada para realização da MRA é a insuflação sustentada pelo modo CPAP com pressões que variam de 30 a 40 cmH2O por 30 a 90 segundos. As cirurgias laparoscópicas, as cirurgias com ventilação monopulmonar, cirurgias cardíacas, pacientes obesos e pacientes pediátricos foram as situações clínicas em que a MRA trouxe benefício aos pacientes. CONCLUSÕES: A MRA pode ser útil na prática anestésica, melhorando a oxigenação pós-operatória e desfazendo atelectasias de pacientes submetidos à anestesia geral.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: La maniobra de reclutamiento alveolar (MRA consiste en la reabertura de áreas pulmonares colapsadas a través del aumento de la presión inspiratoria en la vía aérea, utilizada principalmente en pacientes con Síndrome del Desaliento Respiratorio Agudo. Este estudio tuvo como objetivo evaluar la aplicación de la MRA en anestesia, como realizarla y en cuales situaciones clínicas. MÉTODO: Revisión de la literatura a través de la base de datos MedLine, en el período transcurrido entre 1993 a 2004. RESULTADOS: La forma más utilizada para realización de la MRA es la insuflación sostenida por el modo CPAP con presiones que varían de 30 a 40 cmH2O por 30 a 90 segundos. Las cirugías laparoscópicas, las cirugías con ventilación monopulmonar, cirugías cardíacas, pacientes obesos y pacientes pediátricos fueron las situaciones clínicas en que la MRA trajo beneficio a los

  18. Avaliação das variações hemodinâmicas durante a indução anestésica em pacientes hipertensos tratados

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Walter Viterbo da Silva Neto

    2008-08-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Devido à alta prevalência da hipertensão arterial sistêmica, ao aumento da expectativa de vida e ao aprimoramento dos métodos diagnósticos e das técnicas cirúrgicas, essa comorbidade tornar-se-á comum em pacientes cirúrgicos. O objetivo deste estudo foi avaliar o comportamento das variáveis hemodinâmicas dos pacientes hipertensos tratados durante a indução anestésica. MÉTODO: Estudo observacional sobre o comportamento das variáveis hemodinâmicas (pressão arterial sistólica, pressão arterial diastólica e freqüência cardíaca durante a indução anestésica dos pacientes hipertensos e normotensos, escalados para operações eletivas submetidos à anestesia geral em quatro momentos consecutivos durante a indução anestésica: preparo (MP, fármaco (MF, laringoscopia/intubação (ML e laringoscopia/intubação 5 min (ML5. RESULTADOS: A amostra foi composta por 128 pacientes distribuídos nos grupos de pacientes hipertensos (GH e normotensos (GN. Houve diminuição da PAD no momento MF em ambos os grupos, com menor redução percentual no GH (18,3 ± 14,0% versus 23,0 ± 11,4%, p = 0,04. Houve aumento das PAS e PAD no momento ML em ambos os grupos, com menores elevações percentuais no GH (8,2 ± 16,3% versus 18,2 ± 21,2%, p < 0,01; 8,6 ± 20,2% versus 25,0 ± 27,9%, p < 0,01; respectivamente para PAS e PAD. Quanto à PAS e PAD, após ML5, e à FC não houve diferença entre os grupos. CONCLUSÕES: Os pacientes hipertensos tratados com níveis pressóricos controlados apresentaram maior estabilidade hemodinâmica durante a indução anestésica.

  19. Anestesia em gestante com hipertensão intracraniana por meningite tuberculosa: relato de caso Anestesia en gestante con hipertensión intracraneal por meningitis tísica: relato de caso Anesthesia in pregnant patient with intracranial hypertension due to tuberculous meningitis: case report

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vanessa Breitenbach

    2005-02-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Está bem estabelecido que a técnica anestésica de escolha para cesariana eletiva é a anestesia regional. Porém, em gestantes com hipertensão intracraniana e infecção do sistema nervoso central esta técnica deve ser evitada. O objetivo deste artigo é relatar o manejo anestésico de uma gestante, com hipertensão intracraniana secundária à meningite tuberculosa, que foi submetida à cesariana eletiva. RELATO DO CASO: Paciente branca, 32 anos, 60 kg, 1,62 m de estatura, na 36ªsemana de idade gestacional, agendada para interrupção cirúrgica da gestação por apresentar-se tetraparética, com hidrocefalia decorrente de meningite tuberculosa. Escolheu-se a anestesia geral para a cesariana com indução em seqüência rápida e manobra de Sellick para a intubação traqueal. As drogas utilizadas foram tiopental (250 mg, rocurônio (50 mg, fentanil (100 µg e lidocaína (60 mg por via venosa. A indução anestésica foi suave e mantida com isoflurano até o início do fechamento da pele da paciente, com mínimas alterações de seus sinais vitais e do recém-nascido, que recebeu índice de Apgar 8 e 9, no 1º e 5º minutos, respectivamente. A paciente despertou precocemente, sem deficits neurológicos adicionais. CONCLUSÕES: A anestesia geral ainda é a técnica anestésica preferida para cesariana em gestantes com hipertensão intracraniana, utilizando-se drogas de meia-vida curta e que tenham mínima interferência na pressão intracraniana e no recém-nascido.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: Está bien establecido que la técnica anestésica de elección para cesárea electiva es la anestesia regional. Sin embargo, en gestantes con hipertensión intracraneal e infección del sistema nervioso central esta técnica debe ser evitada. El objetivo de este artículo es relatar el manejo anestésico de una gestante, con hipertensión intracraneal secundaria a la meningitis tísica, que fue sometida a la ces

  20. Alterações eletroneurofisiológicas em anestesia com sevoflurano: estudo comparativo entre pacientes saudáveis e pacientes com paralisia cerebral Alteraciones eletroneurofisiológicas en anestesia con sevoflurano: estudio comparativo entre pacientes saludables y pacientes con parálisis cerebral Electroneourophysiological changes in anesthesia with sevoflurane: comparative study between healthy and cerebral palsy patients

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sérgio Silva de Mello

    2003-04-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Estudos avaliando a farmacodinâmica de drogas anestésicas em Paralisia Cerebral (PC são escassos. O objetivo deste estudo foi comparar a resposta eletroneurofisiológica de pacientes normais e com PC à anestesia com sevoflurano, utilizando o EEG bispectral (BIS e potencial evocado somatossensitivo de curta latência (PESS como técnica de monitorização do grau de profundidade anestésica. MÉTODO: Foram selecionados 24 pacientes de 3 a 18 anos, candidatos a cirurgias na Rede Sarah de Hospitais do Aparelho Locomotor, divididos em 2 grupos: 1. PC - 12 crianças com PC tipo espástica; 2. Controle (C - 12 crianças sem doença do SNC. A anestesia foi realizada com sevoflurano associado a N2O a 60% em ventilação assistida. As variáveis BIS e ondas N9, N13, N19 e P/N 22 do PESS - latência e amplitude - foram avaliadas nas frações expiradas de sevoflurano (FEsev de 1,2 e 2,5% (0,5 e 1 CAM. Foram monitorizadas a temperatura e a P ET CO2. Para análise foram utilizadas média e desvio-padrão para o BIS, e média da variação percentual dos valores de latência e amplitude das ondas do PESS, nas duas concentrações do anestésico. RESULTADOS: Não houve diferença de sexo, idade, peso e temperatura entre os grupos. Sob efeito da anestesia, os valores de BIS foram mais reduzidos no grupo PC, sendo a diferença entre os grupos estatisticamente significante com a FEsev 2,5% (30,3 x 37,5; p JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: Estudios evaluando la farmacodinámica de drogas anestésicas en Parálisis Cerebral (PC son escasos. El objetivo de este estudio fue comparar la respuesta eletroneurofisiológica de pacientes normales y con PC a la anestesia con sevoflurano, utilizando el EEG bispectral (BIS y potencial evocado somatosensitivo de corta latencia (PESS como técnica de monitorización del grado de profundidad anestésica. MÉTODO: Fueron seleccionados 24 pacientes de 3 a 18 años, candidatos a cirugías en la Red Sarah de

  1. Anestesia peridural contínua para cesariana em paciente com arterite de Takayasu: relato de caso Anestesia peridural continua para cesárea en paciente con arteritis de Takayasu: relato de caso Continuous epidural anesthesia for cesarean section in a patient with Takayasu’s arteritis: case report

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aloísio Cerqueira Buettel

    2002-06-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Anestesia peridural contínua com titulação das doses de anestésico local proporciona eficácia e segurança em pacientes que não toleram flutuações da pressão arterial. O objetivo deste relato é apresentar um caso em que foi utilizada com sucesso anestesia peridural contínua para cesariana em paciente com arterite de Takayasu. RELATO DO CASO: Paciente primigesta, 25 anos, 63 kg, portadora de arterite de Takayasu, com 34-35 semanas de gestação, apresentando sofrimento fetal agudo, PA de 155/85 mmHg, FC de 92 bpm, com ausência de pulsos carotídeos, assim como nos membros superiores e do membro inferior direito. Apresentava apenas pulso poplíteo esquerdo palpável. Foi realizado bloqueio peridural contínuo com doses fracionadas de 25 mg de bupivacaína a 0,5% com epinefrina (1:200.000, a intervalos de 5 em 5 minutos até um total de 100 mg, associando-se 2 mg de morfina e 100 µg de fentanil. CONCLUSÕES: A anestesia peridural contínua com doses tituladas de bupivacaína a 0,5% com epinefrina pode ser utilizada em pacientes com Arterite de Takayasu, tomando-se as medidas de precaução com portadoras dessa doença.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: Anestesia peridural continua con titulación de las dosis de anestésico local proporciona eficacia y seguridad en pacientes que no toleran flutuaciones de la presión arterial. El objetivo de este relato es presentar un caso en que fue utilizado con suceso anestesia peridural continua para cesárea en paciente con arteritis de Takayasu. RELATO DEL CASO: Paciente primigesta, 25 años, 63 kg, portadora de Arteritis de Takayasu, con 34-35 semanas de gestación, presentando sufrimiento fetal agudo, PA de 155/85 mmHg, FC de 92 bpm, con ausencia de pulsos carotídeos, así como en los miembros superiores y del miembro inferior derecho. Presentaba apenas pulso poplíteo izquierdo palpable. Fue realizado bloqueo peridural continuo con dosis fraccionadas de 25 mg de bupivaca

  2. Anestesia venosa total (AVT em lactente com doença de Werdnig-Hoffmann: relato de caso Anestesia venosa total (AVT en lactante con enfermedad de Werdnig-Hoffmann: relato de caso Total intravenous anesthesia (TIVA in an infant with Werdnig-Hoffmann disease: case report

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luis Otavio Esteves

    2010-10-01

    Full Text Available Foi com grande interesse que li o artigo "Anestesia Venosa Total (AVT em Lactente com Doença de Werdnig-Hoffmann. Relato de Caso", de Resende e col. ¹, publicado nesta revista. Gostaria, em primeiro lugar, de parabenizar os autores pela iniciativa. Entretanto, dois pontos me chamaram a atenção. O primeiro refere-se à definição de lactente, a qual compreende o período de 1 a 12 meses de idade. A partir de 12 meses, define-se como pré-escolar ou apenas criança. No artigo, o autor coloca a idade do paciente como 1 ano, mas não especifica meses ou dias. Provavelmente, esse paciente tem mais de 12 meses, sendo, dessa forma, a definição de lactente inadequada. O segundo e mais importante ponto diz respeito à técnica usada e ao título do artigo. No título, utilizou-se a expressão "anestesia venosa total", mas no relato foi dito que, além de propofol e remifentanil, a anestesia foi mantida com oxigênio e N2O. Se foi usado um gás com propriedades anestésicas (N2O, não seria correto classificar essa técnica como venosa total. Além disso, ele cita o artigo de Crawford e col. ², que definiu doses de remifentanil para intubação em crianças. Esse estudo foi realizado utilizando-se oxigenação na concentração de 100%, pois os autores provavelmente entendem que a adição de gases com propriedades anestésicas interferiria nos resultados obtidosFue con un gran interés que leí el artículo "Anestesia Venosa Total (AVT en Lactante con Enfermedad de Werdnig-Hoffmann. Relato de Caso", de Resende y col. ¹, publicado en esta revista. Y de hecho quiero, en primer lugar, felicitar a los autores por la iniciativa. Sin embargo, dos puntos me llamaron la atención. El primero, se refiere a la definición de lactante, la cual abarca el período de 1 a 12 meses de edad. A partir de los 12 meses, se define como preescolar o apenas como niño. En el artículo, el autor coloca la edad del paciente como de 1 año, pero no especifica meses o d

  3. Evaluación costo-efectividad de lidocaína al 5 % y bupivacaína al 0,5 % en anestesia espinal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eréndira González Orozco

    Full Text Available Se realizó un estudio económico prospectivo de costo-efectividad con datos primarios de efectividad obtenidos de un ensayo clínico aleatorizado, donde se comparan 2 anestésicos vía espinal: lidocaína al 5 % y bupivacaína al 0,5 %. La efectividad se evaluó como la probabilidad de aparición de síntomas neurológicos transitorios, reacción adversa propia de este grupo de medicamentos. Se formaron aleatoriamente 2 grupos de pacientes que requerían cirugías por debajo del ombligo con una duración no mayor de 120 min, con la aplicación de cada una de las opciones de anestesia estudiada a cada grupo, 109 pacientes en el grupo de lidocaína y 97 en el grupo de bupivacaína. Un especialista en Neurología evaluó a ciegas la condición neurológica posquirúrgica de cada paciente antes y 24 h después de la intervención. Se calcularon los costos de cada alternativa, que incluyeron los ocasionados por la toxicidad neurológica, y se determinaron las relaciones costo-efectividad y los costos incrementales. El grupo de bupivacaína resultó la alternativa con mejor relación costo-efectividad

  4. Anestesia en la transposición de los grandes vasos ANESTHESIA IN THE TRANSPOSITION OF THE GREAT VESSELS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lincoln de la Parte Pérez

    2005-03-01

    Full Text Available La transposición de los grandes vasos es una cardiopatía compleja que se acompaña de una elevada mortalidad. Se conoce que el 45 % de los pacientes fallece durante el primer mes de vida y alrededor del 90 % antes del año. Las principales causas de la muerte son la hipoxia y la insuficiencia cardíaca. El desarrollo de las especialidades que trabajan en cirugía cardiovascular pediátrica ha permitido aumentar la supervivencia de estos niños, especialmente con el uso de prostaglandinas para mantener el ductus permeable, la técnica de Raskind-Miller ( septostomía de balón y una tendencia cada vez mayor a la corrección anatómica temprana (operación de Jatene en lugar de los clásicos procedimientos paliativos y las técnicas de corrección fisiológica de Senning y Mustard . Se presenta una revisión bibliográfica sobre los factores a tener en cuenta en el manejo anestésico de estos pacientes.The transposition of the great vessels is a complex heart disease accompanied of a high mortality. It is known that 45 % of the patients die during the first month of life and at about 90 % do it before being one year old. The main causes of death are hypoxia and heart failure. The development of the specialties working in pediatric cardiovascular surgery has allowed to increase the survival of these children, specially with the use of prostaglandins to maintain the ductus permeable, the Raskind-Miller's technique (balloon septostomy, and an increasing trend towards an early anatomical correction (Jatene's operation to replace the classical palliative procedures and Senning and Mustartd's techniques of physiological correction. A bibliographic review of the factors to be taken into account in the anesthetic management of these patients is presented.

  5. Anestesia para timectomía toracoscópica, vídeo asistida: Reporte de 4 casos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mercedes Argudín Cordero

    2000-06-01

    Full Text Available La timectomía toracoscópica con vídeo asistida en el niño es un hecho verdaderamente novedoso en Cuba, en atención a la incidencia de la miastenia gravis en la población joven, aunque dicho procedimiento no está exento de producir complicaciones; ahora bien, si se tiene en cuenta la técnica clásica de abordaje del timo, éstas son mínimas. En el presente trabajo se relaciona la información correspondiente de 4 pacientes, de uno y otro sexos, adolescentes, ASA II y programados para cirugía mayor electiva (timectomía, en los cuales se midieron: frecuencia cardíaca, electrocardiograma, presión arterial sistólica y diastólica respectivamente, frecuencia respiratoria, temperatura esofágica, oximetría de pulso y capnometría, antes, durante y después del procedimiento. Se obtuvieron resultados que concuerdan con la literatura médica revisada, y se concluye como una superior alternativa en los pacientes con miastenia gravis, por las bondades que se observan en los aspectos de baja invasividad, mínimas complicaciones y menor estadía hospitalaria.Video-assisted thoracoscopic thymectomy in children is a real novelty in Cuba to take care of the incidence of myasthenia gravis in the young population. Although such method is not wholly complication-free, if we compare it with the classical technique to thymus approach, then the risks are minimal. The present paper provides information on 4 patients of both sexes, adolescents, ASA II and due to undergo major elective surgery (thymectomy. Parameters such as heart rate, electrocardiogram, systolic and diastolic arterial pressures, respiratory rate, esophagic temperature, pulse oxymetry and capnometry were measured before, during and after surgery. The results achieved were in line with the reviewed literature so the conclusion was reached that this technique is a better choice for patients with myasthenia gravis because of the advantages it offers such as low invasiveness, minimum

  6. Felipressina aumenta pressão arterial durante procedimento odontológico em pacientes hipertensos Felypressin increases blood pressure during dental procedures in hypertensive patients

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Lúcia Aparecida Bronzo

    2012-08-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A felipressina foi adicionada ao anestésico local para aumentar a duração do efeito anestésico e reduzir a toxicidade nos procedimentos dentários. No entanto, o efeito sobre a pressão arterial é incerta, e isso pode ser altamente relevante no tratamento dentário de pacientes hipertensos. OBJETIVO: Investigar o efeito da felipressina sobre a pressão arterial em pacientes hipertensos com pressão arterial controlada. MÉTODOS: Foram estudados 71 indivíduos com essas características e com necessidade de tratamento periodontal. Após 10 minutos de repouso, a anestesia local (prilocaína foi infiltrada com e sem adição de felipressina. Em seguida, uma raspagem subgengival profunda foi realizada. A pressão arterial foi medida por um equipamento oscilométrico automático (DIXTAL DX2010. Dez minutos após a administração do anestésico, o pico de ação anestésica foi gravado. O Inventário de Ansiedade Traço-Estado (IDATE foi utilizado para avaliar o traço de ansiedade nos pacientes. RESULTADOS: A pressão arterial sistólica aumentou após a anestesia, independentemente da associação com felipressina, durante todo o procedimento dentário (p BACKGROUND: Felypressin has been added to local anesthetic to increase the length of the anesthetic effect and reduce toxicity during dental procedures. However, the effect on blood pressure remains uncertain, and this may be highly relevant in the dental treatment of hypertensive patients. OBJECTIVE: To investigate the effect of felypressin on blood pressure in hypertensive patients with controlled BP. METHODS: 71 subjects with these characteristics and in need of periodontal treatment were studied. After 10 minutes of rest, local anesthesia (prilocaine was infiltrated with and without addition of felypressin. Then, a deep subgingival scaling was performed. Blood pressure was measured by an automated oscillometric device (DIXTAL DX2010. Ten minutes after the administration of the

  7. LOS EXILIADOS. LA LUCHA POR LOS DERECHOS HUMANOS DURANTE LA DICTADURA, de Silvina Jensen

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nicolás Hochman

    2010-04-01

    Full Text Available RESEÑASLOS EXILIADOS. LA LUCHA POR LOSDERECHOS HUMANOS DURANTE LA DICTADURAJENSEN, Silvina (2009. Los exiliados. La lucha por losderechos humanos durante la dictadura , Buenos Aires:Sudamericana. ISSN 978-950-073-158-4

  8. Evaluación a través de tomografía computarizada del efecto de una infusión endovenosa de ketamina en el desarrollo de atelectasia inducida por anestesia general en perros Evaluation of an endovenous ketamine infusion through computed tomography on the development of pulmonary atelectasis due to general anesthesia in dogs

    OpenAIRE

    CA Henríquez; LM Mieres; HA Bustamante; DE Herzberg; CE Campillo; MP Cabrera; MA Gómez

    2011-01-01

    El objetivo del estudio fue evaluar, a través de tomografía computarizada, el efecto de una infusión endovenosa de ketamina sobre la atelectasia pulmonar en perros sometidos a anestesia inhalatoria. Para esto se utilizaron 12 perros separados en dos grupos (A y B) de 6 perros cada uno. Ambos fueron sometidos al mismo protocolo anestésico que consistió en premedicación con xilacina, inducción con propofol y mantención con anestesia inhalatoria por un periodo de dos horas. Al grupo B se le admi...

  9. Resultados imediatos da herniorrafia inguinal com anestesia local associada com sedação Immediate results of inguinal hernia repair with local anesthesia associated with sedation

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edgar Valente de Lima Neto

    2003-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar os resultados imediatos da herniorrafia inguinal com anestesia local associada com sedação. MÉTODOS: Foram operados 30 pacientes portadores de hérnia inguinal, sendo 26 (86,6% do sexo masculino e 4 (13,4 do sexo feminino. Os anestésicos utilizados foram lidocaína a 1% e bupivacaína a 0,5% sem adrenalina, tendo sido adicionado 1mL de bicarbonato de sódio para cada 9mL da solução anestésica. A sedação foi realizada com midazolan. As hérnias mais freqüentes, de acordo com a classificação de Nyhus, foram as do tipo I, encontradas em 16 (53,3% pacientes. Praticou-se o reparo da parede posterior a em 17 (56,6% e em 13 (43,2% o reparo com prótese. Para a análise estatística utilizou-se o teste de McNemar para avaliar a correlação entre os escores de dor na escala E.V.A. agrupada. RESULTADOS: Em nenhum paciente houve necessidade de mudança da técnica anestésica. Entre as complicações, observaram-se: 1 (3,3% hematoma; 1 (3,3% sangramento e 1 (3,3% infecção da ferida operatória. A deambulação foi precoce em 28 (93,3% pacientes, assim como a alimentação oral. O tempo de internação médio foi 18 horas, e o escore de dor na escala visual analógica (E.V.A. foi menor ou igual a 3 em 80% dos pacientes. CONCLUSÃO: A anestesia local com sedação é um método seguro, eficaz, com baixos índices de complicações imediatas, e alto índice de satisfação para pacientes selecionados, portadores de hérnia inguinal.PURPOSE: To present the immediate results of the inguinal hernia repair with local anesthesia associated with sedation. METHODS: Thirty patients were operated on of which 26 (86,6% were male. The age varied from 21 to 76, and the average was of 47 years. The anesthetics used were lidocaine and bupivacaine, and the sedation was accomplished with midazolan. RESULTS: Among the complications was observed: 1 (3,3% bruising; 1 (3,3% blood; and 1 (3,3% case of infection of the operative wound. Early rise

  10. Desenvolvimento de um dispositivo regulÃvel de inserÃÃo de agulha acoplado à seringa carpule para anestesia de crianÃas e pacientes com necessidades especiais.

    OpenAIRE

    Alexssandra CamarÃo Prado Lima

    2015-01-01

    Em situaÃÃes clÃnicas de atendimento de crianÃas de pouca idade ou pacientes com necessidades especiais pode ser utilizada a contenÃÃo fÃsica. Por melhor que seja a contenÃÃo, os movimentos intempestivos realizados pelos pacientes podem gerar riscos de acidentes perfuro-cortantes tanto para o paciente quanto para o profissional. Dentre os procedimentos que geram medo nos pacientes, a anestesia à considerada o pior deles. Dessa forma, esta dissertaÃÃo de mestrado teve como objetivo desenvolver...

  11. EMPLEO DE ANTIHISTAMÍNICOS H1 DE PRIMERA GENERACIÓN COMO ALTERNATIVA A LOS ANESTÉSICOS LOCALES DE USO ODONTOLÓGICO EN TÉCNICAS DE ANESTESIA INFILTRATIVA. ESTUDIO EXPERIMENTAL EN ANIMALES

    OpenAIRE

    Rodríguez Alfaro, Miguel; Facultad de Odontología, Universidad Nacional Mayor de San Marcos.; Burga Sánchez, Jonny; Facultad de Odontología, Universidad Nacional Mayor de San Marcos.; Chumpitaz Cerrate, Victor; Facultad de Odontología, Universidad Nacional Mayor de San Marcos.; Varas Hilario, Roberto; Facultad de Odontología, Universidad Nacional Mayor de San Marcos.; López Bellido, Roger; Facultad de Odontología, Universidad Nacional Mayor de San Marcos.; Chuquihuaccha Granda, Vilma; Facultad de Odontología, Universidad Nacional Mayor de San Marcos.; Zegarra Cuya, Juan; Facultad de Odontología, Universidad Nacional Mayor de San Marcos.

    2014-01-01

    La producción de reacciones adversas medicamentosas con anestésicos locales nos lleva a la búsqueda de alternativas efectivas a estos fármacos. 60 conejos albinos divididos en 6 grupos fueron sometidos a la técnica de anestesia infiltrativa del maxilar superior, con lidocaína, mepivacaína, bupivacaína, clorfeniramina y dimenhidrinato, frente al control con cloruro de sodio al 0,9 %. Se evaluó el comportamiento del umbral doloroso ante la estimulación eléctrica con carrete de Ruhnkorff tras la...

  12. Anestesia conductiva en cesáreas de gestantes con preeclampsia severa previa estabilización hemodinámica en el Hospital Gineco-Obstétrico "Enrique C. Sotomayor" período 2014. Propuesta de norma.

    OpenAIRE

    Castro Coello, Hamilton Michael

    2015-01-01

    Los trastornos hipertensivos en las gestantes son causa importante de morbilidad, discapacidad crónica y muerte entre las madres, los fetos y los recién nacidos; entre estos, la preeclampsia. Objetivo: Evaluar la anestesia conductiva en cesáreas de gestantes con preeclampsia severa previa estabilización hemodinámica en el hospital gineco-obstétrico "Enrique C. Sotomayor" período 2014. Materiales y métodos: Se elaboró un estudio observacional y prospectivo de una serie de casos de la muestra s...

  13. Estudo comparativo entre bupivacaína a 0,25% e ropivacaína a 0,2% em anestesia peridural para cirurgia torácica Estudio comparativo entre bupivacaína a 0,25% y ropivacaína a 0,2% en anestesia peridural para cirugía de tórax Comparison between 0.25% bupivacaine and 0.2% ropivacaine in epidural anesthesia for thoracic surgery

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcus Vinícius Martins Novaes

    2001-12-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A anestesia peridural associada à anestesia geral tem sido usada em várias especialidades cirúrgicas. Em cirurgia torácica seu uso é pouco discutido na literatura. Este estudo teve como objetivo avaliar os efeitos hemodinâmicos e ventilatórios da anestesia peridural torácica com bupivacaína a 0,25% e ropivacaína a 0,2% associada à anestesia geral em pacientes submetidos à toracotomia. MÉTODO: Participaram deste estudo prospectivo, comparativo e aleatório quarenta pacientes divididos em dois grupos de vinte. Cada grupo recebeu um volume de 10 ml de anestésico local, por via peridural torácica. Grupo B (Bupivacaína 0,25% e o Grupo R (Ropivacaína 0,2%. O bloqueio peridural foi realizado com os pacientes em decúbito lateral, punção paramediana e cateter para injeção dos fármacos A seguir todos os pacientes receberam anestesia geral com IOT. Foram analisados parâmetros hemodinâmicos e ventilatórios em 9 momentos. RESULTADOS: A pressão arterial sistólica foi menor no momento 5 e pressão arterial diastólica nos momentos 1 e 5, ambas no grupo B. A necessidade de efedrina para corrigir hipotensão arterial foi de 8/20 no grupo B, contra 6/20 no grupo R. A pressão de pico nas vias aéreas superiores foi sempre mais elevada no grupo R e os valores da CAM do isoflurano foram mais elevados nos momentos 5 e 6 também no Grupo R. CONCLUSÕES: A técnica combinada peridural torácica e anestesia geral mostrou-se eficaz e segura nos pacientes submetidos à toracotomia. Quando se utilizou bupivacaína, a diminuição da pressão arterial foi maior e a pressão máxima nas vias aéreas foi menor do que quando foi utilizada ropivacaína.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: La anestesia peridural asociada a anestesia general ha sido usada en varias especialidades quirúrgicas. En cirugía torácica su uso es poco discutido en la literatura. Este estudio tuvo como objetivo evaluar los efectos hemodinámicos y

  14. Anestesia para cesariana em paciente portadora de cardiomiopatia hipertrófica familiar: relato de caso Anestesia para cesária en paciente portadora de cardiomiopatía hipertrófica familiar: relato de caso Anesthesia for cesarean section in a patient with familiar hypertrophic cardiomyopathy: case report

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renato Mestriner Stocche

    2007-12-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A cardiomiopatia hipertrófica familiar (CHF é uma doença cardíaca rara, com transmissão hereditária, caracterizada por hipertrofia do septo ventricular e grau variável de estenose aórtica subvalvar. Nessa doença, o aumento da contratilidade do miocárdio e a diminuição da resistência vascular periférica podem agravar a obstrução da via de saída do VE, produzindo disritmia e isquemia cardíaca. Este relato objetivou discutir o manuseio anestésico para cesariana em paciente com CHF. RELATO DO CASO: Paciente com 33 semanas de gestação e diagnóstico prévio de CHF apresentou no holter de 24 horas 22 episódios de taquicardia ventricular não-sustentada (TVNS e dois episódios de taquicardia ventricular sustentada (TVS. Referia episódios de palpitação, dispnéia e dor precordial de curta duração. A paciente foi medicada com atenolol e apresentou controle dos sintomas e das disritmias cardíacas. Com 38 semanas e 5 dias de gestação a paciente foi submetida à cesariana eletiva. Além do habitual a monitorização contou com análise de segmento ST e pressão arterial invasiva. Utilizou-se anestesia raquiperidural com injeção de 5 µg de sunfentanil na raqui seguida de administração de bupivacaína a 0,375% em doses de incremento até atingir altura de T6 (total de 16 mL. Utilizou-se metaraminol como vasopressor. Não houve hipotensão arterial materna ou outras complicações no perioperatório. CONCLUSÕES: A anestesia geral é freqüentemente utilizada para cesarianas de pacientes com CHF. A anestesia raquiperidural com instalação lenta do bloqueio foi uma alternativa segura. Nessas pacientes, o aumento da contratilidade miocárdica deve ser evitado, devendo-se, se necessário, utilizar-se um a-agonista para correção de hipotensão arterial materna.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: La cardiomiopatía hipertrófica familiar (CHF es una enfermedad cardiaca rara con transmisión hereditaria

  15. Efeitos da associação da clonidina à bupivacaína hiperbárica na anestesia subaracnóidea alta Efectos de la asociación de la clonidina a la bupivacaína hiperbárica en la anestesia subaracnoidea alta Effects of clonidine associated to hyperbaric bupivacaine during high-level spinal anesthesia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Reinaldo Cerqueira Braz

    2003-09-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Dados da literatura sugerem que a clonidina, um agonista alfa2-adrenérgico, em associação com a bupivacaína, na anestesia subaracnóidea alta pode aumentar a incidência de hipotensão e bradicardia. O objetivo desta pesquisa foi verificar o potencial sinergismo entre diferentes doses de clonidina, de 45 e 75 µg, e bupivacaína hiperbárica nas características e nos efeitos hemodinâmicos do bloqueio subaracnóideo alto (T4. MÉTODO: Em estudo aleatório e duplamente encoberto, foram avaliados 60 pacientes estado físico ASA I, submetidos à cirurgia do abdômen inferior e membros inferiores. Os pacientes foram submetidos à anestesia subaracnóidea, com bupivacaína hiperbárica a 0,5% (17,5 mg - 3,5 ml mais a associação das seguintes drogas: grupo Controle (n = 20 - solução fisiológica (0,5 ml; grupo Clon 45 (n = 20 - clonidina, na dose de 45 µg (0,3 ml, associada à solução fisiológica (0,2 ml; grupo Clon 75 (n = 20 - clonidina, na dose de 75 µg (0,5 ml. A cirurgia somente foi realizada quando o nível do dermátomo atingido pelo bloqueio analgésico foi de T4. RESULTADOS: A latência dos bloqueios analgésico e motor da anestesia subaracnóidea não diferiu significativamente entre os grupos (p > 0,05. Ambas as doses de clonidina prolongaram, de maneira significativa, a duração do bloqueio analgésico em T8 e do bloqueio motor grau 3 (determinado pela escala modificada de Bromage (p 0,05. Ambas as doses de clonidina prolongaram a analgesia pós-operatória (intervalo de tempo decorrido entre o bloqueio subaracnóideo e a primeira solicitação de analgésico pelo paciente no pós-operatório (p JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: Los datos de la literatura sugieren que la clonidina, un agonista alfa2-adrenérgico, en asociación con la bupivacaína, en la anestesia subaracnoidea alta puede aumentar la incidencia de hipotensión y bradicardia. El objetivo de esta pesquisa fue verificar el potencial

  16. Anestesia venosa total para laringectomia parcial em paciente na 28ª semana de gestação: relato de caso Anestesia venosa total para laringectomía parcial en paciente en la 28ª semana de embarazo: relato de caso Total intravenous anesthesia for partial laryngectomy in 28 weeks pregnant patient: case report

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Costa

    2005-04-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Uma anestesia para paciente gestante constitui um desafio ao anestesiologista em virtude dos riscos para a mãe e para o feto. São muitas as complicações descritas pela literatura como malformações fetais, parto prematuro, instabilidade hemodinâmica materna e até morte fetal. O objetivo deste caso é mostrar uma paciente gestante de 28 semanas, submetida a laringectomia parcial sob anestesia geral venosa total com propofol, remifentanil e cisatracúrio. RELATO DO CASO: Paciente com 29 anos, 59 kg, primigesta de 28 semanas com diagnóstico prévio de carcinoma epidermóide próximo à corda vocal direita, sendo indicada laringectomia. A monitorização inicial constituiu-se de pressão arterial não-invasiva e invasiva, cardioscopia, oxicapnografia e cardiotocografia contínua realizada pela obstetra. Punção venosa no membro superior direito e membro superior esquerdo com cateter 16G e 18G, respectivamente. Foram administrados por via venosa midazolam (1 mg, cefazolina (1 g, metoclopramida (10 mg e dipirona (1 g. A paciente recebeu oxigênio a 100% sob máscara por 3 minutos e indução venosa foi feita com o uso de propofol em infusão na dose alvo de 3 µg.mL-1 e remifentanil contínuo (1 µg.kg-1 em bolus e 0,2 µg.kg-1.min-1 de manutenção. Como bloqueador neuromuscular, foi administrado cisatracúrio (13 mg e procedeu-se a intubação traqueal com tubo 6,5 mm aramado com balonete. Foi mantida em plano anestésico com propofol e remifentanil em bomba, além de complementações de cisatracúrio. O feto permaneceu monitorizado continuamente com cardiotocografia realizada e analisada pela obstetra. Após o término da cirurgia foram desligadas as bombas infusoras de propofol e remifentanil, tendo a paciente despertado 10 minutos depois. Acordou sem dor e hemodinamicamente estável, sendo então encaminhada à sala de recuperação pós-anestésica. CONCLUSÕES: A anestesia venosa total com propofol e

  17. Anestesia em anã acondroplásica obesa mórbida para gastroplastia redutora Anestesia en enana acondroplásica obesa mórbida para gastroplastia reductora Anesthesia for bariatric surgery in an achondroplastic dwarf with morbid obesity

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Angélica Abrão

    2009-02-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A acondroplasia é a forma mais comum entre os diversos tipos de osteocondrodisplasias causadoras do nanismo. O anão pode ser acometido de obesidade com relativa frequência e o tratamento cirúrgico tem demonstrado maior eficácia tanto para a perda efetiva de peso quanto para a sua manutenção a longo prazo. O objetivo deste trabalho foi apresentar um caso de gastroplastia redutora com derivação intestinal em Y-de-Roux em anão acondroplásico obeso mórbido. Foram analisadas as diversas dificuldades encontradas no manuseio anestésico deste paciente e a maneira pela qual foram abordadas, objetivando a diminuição da morbimortalidade no intra-operatório. RELATO DO CASO: Paciente de 29 anos, feminina, anã com acondroplasia e obesidade mórbida desde a infância. Suas medidas eram de 123 cm de altura e peso corporal de 144 kg. Com índice de massa corporal (IMC de 95,18 kg.m-2, apresentava várias doenças associadas, sobretudo dos sistemas respiratório e osteoarticular. Após longo período de acompanhamento com dieta, exercícios físicos e apoio psicológico, a paciente melhorou sua condição clínica, sendo encaminhada para a realização da operação proposta: gastroplastia redutora à Capella-Fobi. Na anestesia houve dificuldade na intubação traqueal acordada sob laringoscopia direta, sendo necessária a utilização do broncofibroscópio. Transcurso intra-operatório sem complicações, sendo mantida sob anestesia geral venosa total com infusão contínua de remifentanil e propofol. Extubada ao final do procedimento na sala cirúrgica. CONCLUSÕES: As comorbidades simultâneas da acondroplasia e da obesidade mórbida podem dificultar o manuseio anestésico, sobretudo em relação às vias aéreas. É necessário uma avaliação pré-anestésica bem conduzida para antecipar condutas e minimizar esses riscos, otimizando, assim, a condução da anestesia.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: La acondroplasia es la

  18. Antioquia durante la federación, 1850-1885

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luis Javier Ortiz Mesa

    2008-01-01

    Full Text Available El Federalismo en Colombia, formalmente instituido por la Constitución nacional de 1853, imperó entre las décadas de 1850 y 1880, siendo ratificado por las reformas constitucionales de 1858 y 1863. Dichas reformas buscaron trasformar las instituciones coloni ales aún existentes por otras más acordes con las nuevas realidades del capitalismo mundial de libre competencia y con los intereses de los sectores que pugnaban por el control del poder, dando libre circulación a la tierra y a la mano de obra indígena y esclava. Para el caso Antioqueño, la relativa estabilidad económica y política de la que gozó el Estado de Antioquia durante la segunda mitad del siglo XIX, sumada a “una predominante homogeneidad étnica y cultural de su sociedad”, constituyó un marco más que adecuado para la formación de una de las hegemonías políticas más sólidas del país durante el período. El “federalis mo conservador” que se construyó en Antioquia durante el régimen radical estuvo fundado básicamente en la defensa de la región, en un relativo aislamiento político del centro y de los demás Estados, en el cuidado de sus riquezas por parte de las élites de ambos partidos, en un apoyo irrestricto de la Iglesia católica y en el reconocimiento de su papel como institución de cohesión y ordenamiento social.

  19. Violência durante o sono Violent behavior during sleep

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Dalva Poyares

    2005-05-01

    Full Text Available Casos de comportamento violento (CV durante o sono são relatados na literatura. A incidência de comportamento violento durante o sono não é muito conhecida. Um estudo epidemiológico mostra que cerca de 2% da população geral apresentava comportamento violento dormindo e eram predominantemente homens. Neste artigo, os autores descrevem aspectos clínicos e médico-legais envolvidos na investigação do comportamento violento. O comportamento violento se refere a ferimentos auto-infligidos ou infligidos a um terceiro durante o sono. Ocorre, muito freqüentemente, seguindo um despertar parcial no contexto de um transtorno de despertar (parassonias. Os transtornos do sono predominantes diagnosticados são: transtorno de comportamento REM e sonambulismo. O comportamento violento poderia ser precipitado pelo estresse, uso de álcool e drogas, privação do sono ou febre.Cases of violent behavior during sleep have been reported in the literature. However, the incidence of violent behavior during sleep is not known. One epidemiological study showed that approximately 2% of the general population, predominantly males, presented violent behavior while asleep. In the present study, the authors describe clinical and medico-legal aspects involved in violent behavior investigation. Violent behavior refers to self-injury or injury to another during sleep. It happens most frequently following partial awakening in the context of arousal disorders (parasomnias. The most frequently diagnosed sleep disorders are REM behavior disorder and somnambulism. Violent behavior might be precipitated by stress, use of alcohol or drugs, sleep deprivation or fever.

  20. Las colonias escolares durante la Guerra Civil (1936-1939

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosalía Crego Navarro

    1989-01-01

    Full Text Available Las colonias escolares que funcionaron principalmente en el Levante y Cataluña, y, en menor medida en el Aragón republicano, Cuenca, Albacete y Madrid..., fueron unas instituciones que surgieron durante la guerra civil, que sirvieron no sólo de refugio a los niños evacuados a aquellas zonas a causa de los bombardeos, la escasez de alimentos y la orfandad, sino que cumplieron una función educativa muy importante, como desarrollaremos a lo largo de este trabajo.

  1. Alteraciones microcirculatorias durante el choque séptico

    OpenAIRE

    Aracelis E. Dorado Lambert; Jorge Revilla Montero

    1999-01-01

    Teniendo en cuenta que la microcirculación es el sitio de mayor afectación durante el choque séptico, se hizo una revisión bibliográfica de las principales alteraciones que se producen en ella como resultado de esa agresión. Los cambios descritos comienzan por una dilatación de las pequeñas arteriolas del músculo esquelético, como respuesta a mediadores inflamatorios presentes en el choque séptico; pero dado el gran volumen microvascular del músculo esquelético, esta vasodilatación arterioral...

  2. Diario de un privilegiado durante el fascismo: Leo Ferrero

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    María Belén Hernández González

    2013-07-01

    Full Text Available La obra de Leo Ferrero, Diario de un privilegiado durante el fascismo, es un testimonio de la experiencia de la familia Ferrero Lombroso entre 1926 y 1927, obligada a la reclusión y aislamiento en su propia casa, por parte del régimen de Benito Mussolini. El texto anticipa en una década los escritos de la resistencia partisana. En este artículo se propone un panorama de la cultura en Italia en los años previos a la guerra, según la perspectiva crítica de Leo Ferrero.

  3. EL TIEMPO DURANTE LA BATALLA DE TRAFALGAR (OCTUBRE 1805)

    OpenAIRE

    Dennis Wheeler

    1995-01-01

    El presente trabajo analiza el tiempo atmosférico presente durante uno de los grandes eventos de la historia —la Batalla de Trafalgar—. No sólo se explica el papel fundamental que desempeñó el tiempo atmosférico en el transcurso de la batalla sino que asimismo la consulta documental ha permitido recrear las condiciones sinopticas con objeto de compararlas con las condiciones climáticas actuales en dicha área. El estudio permite valorar la utilidad de los documentos históricos en las...

  4. El tiempo durante la Batalla de Trafalgar (octubre 1805)

    OpenAIRE

    Wheeler, Dennis

    1995-01-01

    El presente trabajo analiza el tiempo atmosférico presente durante uno de los grandes eventos de la historia —la Batalla de Trafalgar—. No sólo se explica el papel fundamental que desempeñó el tiempo atmosférico en el transcurso de la batalla sino que asimismo la consulta documental ha permitido recrear las condiciones sinópticas con objeto de compararlas con las condiciones climáticas actuales en dicha área. El estudio permite valorar la utilidad de los documentos histórico...

  5. Abordagem anestésica de grávida com malformação arteriovenosa cerebral e hemorragia subaracnoidea durante a gravidez: relato de caso Abordaje anestésico de embarazada con malformación arteriovenosa cerebral y hemorragia subaracnoidea durante el embarazo: relato de caso Anesthetic approach of pregnant woman with cerebral arteriovenous malformation and subarachnoid hemorrhage during pregnancy: case report

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Catarina Santos Carvalho

    2013-04-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A ocorrência de hemorragia subaracnoidea (HSA durante a gravidez é rara, sendo que cerca de metade é devida a malformações arteriovenosas (MAV. Os autores descrevem a abordagem anestésica de uma grávida de 39 semanas proposta para cesárea, com história de HSA por MAV às 22 semanas. RELATO DO CASO: Grávida de 39 semanas, saudável previamente à gravidez, com antecedentes de HSA às 22 semanas de gestação, manifestada por cefaleias, vômitos e tonturas, sem perda de consciência ou outros déficits à admissão no serviço de urgência. A ressonância magnética (RM revelou MAV frontal esquerda. Após curto internamento para estabilização e diagnóstico, decidiu-se manter a gravidez e o seguimento ambulatorial multidisciplinar por neurocirurgia e obstetrícia em consulta de alto risco. Optou-se por fazer cesárea eletiva às 39 semanas sob anestesia peridural lombar. No intraoperatório ocorreu um episódio de hipotensão rapidamente revertida com fenilefrina. O Índice de Apgar do recém-nascido foi de 10/10. O cateter peridural foi usado para analgesia pós-operatória, também sem intercorrências. CONCLUSÕES: São muito raros os casos publicados de abordagem anestésica de grávidas com MAV sintomáticas. Todas as decisões tomadas pela equipe multidisciplinar, desde optar por continuar a gravidez ao momento ideal para intervir na MAV, passando pelo tipo de anestesia e analgesia, foram ponderadas em função do risco de dano cerebral. Do ponto de vista anestésico, os autores enfatizam a necessidade de estabilidade hemodinâmica.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: El aparecimiento de la hemorragia subaracnoidea (HSA durante el embarazo es algo raro, siendo que aproximadamente la mitad se debe a malformaciones arteriovenosas (MAV. Los autores describen el abordaje anestésico de una embarazada de 39 semanas programada para cesárea, con un historial de HSA por MAV a las 22 semanas. RELATO DEL CASO: Embarazada

  6. Fratura de agulha durante punção subaracnóidea: relato de caso Fractura de aguja durante punción subaracnóidea: relato de caso Needle fracture during spinal puncture: case report

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcos G C Cruvinel

    2004-12-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Depois da introdução das agulhas de fino calibre (26G, 27G e 29G e a conseqüente diminuição da incidência de cefaléia pós-punção da dura-máter, a raquianestesia vem sendo cada dia mais empregada. Suas complicações são pouco freqüentes. Recentemente, entretanto, foi observada uma complicação aparentemente rara, de fratura da agulha durante punção subaracnóidea. O objetivo deste relato é registrar o fato e aventar as possíveis causas e sua prevenção. RELATO DO CASO: Paciente do sexo masculino, 53 anos, 90 kg, 175 cm, portador de hipertensão arterial sistêmica crônica e insuficiência renal crônica apresentou-se, em caráter de urgência, para transplante renal. Foi proposta a administração de morfina subaracnóidea visando analgesia pós-operatória. Inicialmente tentou-se, sem sucesso, punção em L3-L4 com agulha 27G, seguiu-se tentativa de punção em L2-L3 quando se percebeu deformação da agulha. Ao ser retirada a agulha partiu-se, permanecendo um fragmento de 43 mm no ligamento interespinhoso de L2-L3, confirmado por fluoroscopia. Foi induzida anestesia geral e procedeu-se exploração cirúrgica guiada por fluoroscopia com retirada do fragmento da agulha. A seguir, o transplante renal foi realizado sem intercorrências. CONCLUSÕES: A diminuição do calibre das agulhas, que trouxe a vantagem da redução da incidência de cefaléia pós-punção da dura-máter, fez também com que elas se tornassem mais frágeis. Em casos onde os ligamentos são mais resistentes e a punção tentada mais de uma vez, pode haver deformação do material que fica susceptível a quebra. Conclui-se que em situações em que há resistência aumentada à passagem da agulha ou dificuldade de punção, o risco de sua deformação e a possibilidade de fratura devem ser confrontados com as vantagens do uso de agulhas de fino calibre.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: Después de la introducción de las agujas de

  7. Hipertrigliceridemia familiar grave durante a gestação

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Casulari Luiz Augusto

    2001-01-01

    Full Text Available A presença de hipertrigliceridemia grave durante a gravidez é rara, mas comporta grande possibilidade de desenvolver complicações, como a pancreatite aguda, que coloca em risco a mãe e o feto. Apresentamos o relato da evolução da gestação de uma paciente portadora de hipertrigliceridemia grave que havia apresentado pancreatite aguda dois meses antes da fecundação. Foi tratada durante o pré-natal com dieta e 3,0 g de ácidos graxos de cadeia ômega-3 (ácidos eicosapentaenóico 14% e docosahexaenóico 11,13%. Os níveis de triglicerídeos foram mantidos abaixo de 800 mg/dl, sendo este limite considerado seguro para evitar o desenvolvimento de pancreatite aguda. A gestação evoluiu, sem intercorrências, para parto vaginal, a termo. O recém-nato não apresentou alterações morfológicas ao nascimento. Concluímos que, nesta paciente grávida e portadora de hipertrigliceridemia grave, uma dieta adequada e o emprego de ácidos graxos de cadeia ômega-3 foram eficazes em prevenir a pancreatite aguda. Esta abordagem terapêutica pode ser uma alternativa para as gestantes portadoras de hipertrigliceridemia familiar.

  8. Morfologia e morfometria dos tipos de fibras do músculo reto abdominal de cadelas (Canis familiaris durante a gestação

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maila Karina Mattos de Brito

    2007-08-01

    Full Text Available Neste trabalho foram avaliadas as alterações morfológicas e o grau de hipertrofia das fibras de contração lentas (tipo I e rápidas (tipo II do músculo reto abdominal de cadelas adultas nas fases: pré-gestacional, 30 e 60 dias de gestação e 30 dias pós-parto (pp. Em todas essas fases, sob anestesia, foram removidas biópsias musculares, as quais foram congeladas. Cortes histológicos foram obtidos em um micrótomo e corados com hematoxilina e eosina (HE para a avaliação da morfologia. Outros cortes foram submetidos à ATPase miofibrilar (m-ATPase, após pré-incubação em meio alcalino (pH = 10,4 e em meio ácido (pH = 4,4, visando à identificação das fibras tipo I e II. Nas cadelas virgens, o tecido muscular revelou-se constituído por fibras com diferentes diâmetros, com contornos poligonais, tendo um ou mais núcleos periféricos. Estas características foram similares nos animais com 30 dias de gestação. Aos 60 dias, ao lado de fibras com aparência normal, observaram-se fibras com contornos mais polimórficos e outras fibras de diâmetros muito pequenos. Aos 30 dias pp, as características do tecido foram similares às dos animais em fase pré-gestacional. Em todas as fases estudadas, os diâmetros fibras tipo II foram maiores do que as do tipo I. Aos 30 dias observou-se a redução significativa dos diâmetros de ambos os tipos de fibras e aumento significativo aos 60 dias de gestação. Durante a gestação, o estímulo crônico, representado pela expansão da parede abdominal, promoveu alterações da morfologia e morfometria das fibras.

  9. Estudo clínico e cardiorrespiratório em cadelas gestantes com parto normal ou submetidas à cesariana sob anestesia inalatória com sevofluorano Clinical and cardiorespiratory study in bitches under normal parturition or underwent to cesarean section using inalatory anesthesia with sevoflurane

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    D.T. Gabas

    2006-08-01

    Full Text Available Estudaram-se as alterações hemodinâmicas e respiratórias em cadelas, decorrentes do parto normal e da cesariana, utilizando-se sevofluorano como agente de manutenção anestésica. Foram acompanhados seis partos normais e seis cesarianas, sendo as últimas realizadas sob anestesia geral utilizando-se acepromazina, propofol e sevofluorano. Durante o parto normal, ao nascimento de cada filhote, as gestantes foram monitoradas (temperatura retal, pressão arterial não-invasiva, freqüências respiratória e cardíaca, tempo de reperfusão capilar e gasometria. Durante a cesariana foram avaliadas as mesmas características citadas para o parto normal, acrescentando-se a temperatura esofágica e a pressão arterial invasiva, ao longo de todo o período anestésico, além da qualidade da recuperação anestésica. Os valores das variáveis: freqüência cardíaca, pressão arterial, freqüência respiratória, tempo de reperfusão capilar e o pH do sangue arterial no grupo submetido à cesariana foram menores que os das cadelas de partos normais, evidenciando a relativa depressão cardiorrespiratória produzida pelo procedimento anestésico. O protocolo anestésico empregado não comprometeu a viabilidade e a saúde das parturientes e dos filhotes e é seguro em cadelas gestantes, podendo ser utilizado nas operações cesarianas.Haemodynamic and respiratory changes in 12 bitches, being six of natural birth and six caesarean using sevoflurane as an anaesthetic maintenance agent, were studied. The caesarean sections were performed using general anaesthesia, employing acepromazine maleate, propofol and sevoflurane. During natural birth, as each puppy was being delivered, the bitches were evaluated (rectal temperature, non-invasive arterial blood pressure respiratory and cardiac rate, capillary time reperfusion and blood gas values. During the caesarean, the same parameters mentioned for the natural birth were measured, in addition to the esophagus

  10. Uso do bloqueio combinado raqui-peridural durante cirurgia de cólon em paciente de alto risco: relato de caso

    OpenAIRE

    Imbelloni, Luiz Eduardo; Fornasari, Marcos; Fialho, José Carlos

    2009-01-01

    JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: O bloqueio combinado raqui-peridural (BCRP) oferece vantagens sobre a anestesia peridural ou subaracnóidea com injeção única. O objetivo deste relato foi apresentar um caso onde a anestesia subaracnóidea segmentar pode ser técnica efetiva para intervenção cirúrgica gastrintestinal com respiração espontânea. RELATO DO CASO: Paciente estado físico ASA III, diabetes mellitus tipo II, com hipertensão arterial sistêmica e doença pulmonar obstrutiva crônica, foi escalada ...

  11. ANESTESIA PARA AMPUTACIÓN SUPRACONDÍLEA EN PACIENTE CON SÍNDROME CORONARIO AGUDO / Anesthesia for supracondylar amputation in patient with acute coronary syndrome

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marilyn Ramírez Méndez

    2012-03-01

    Full Text Available Resumen La insuficiencia arterial periférica es una enfermedad que se asocia a factores de riesgo aterogénico reconocidos, y es más frecuente en personas con hiperlipidemia, diabetes mellitus y hábito de fumar. Se presenta el caso de una mujer de 67 años de edad, con antecedentes de hipertensión arterial, diabetes mellitus e infarto de miocardio antiguo, que ingresa por signos de inflamación aguda del miembro inferior derecho como consecuencia de una insuficiencia arterial periférica. A los 8 días del ingreso presentó un síndrome coronario agudo sin elevación del segmento ST, con fallo de bomba Killip II, y una vez compensada fue anunciada para amputación supracondílea de urgencia, debido a una gangrena isquémica. Se decidió utilizar anestesia espinal subaracnoidea selectiva del miembro inferior derecho, a cual se aplicó sin complicaciones y favoreció el adecuado desarrollo de la cirugía planificada. A las 72 horas la paciente fue egresada de la UCI, sin síntomas cardiovasculares y compensación metabólica. / Abstract Peripheral arterial insufficiency is a disease that is associated with known atherogenic risk factors, and is more common in people with hyperlipidemia, diabetes mellitus and smoking habit. A case of a 67-year-old woman with a history of hypertension, diabetes mellitus and old myocardial infarction is presented. She was admitted for signs of acute inflammation of the right leg due to peripheral arterial insufficiency. 8 days after admission she presented an acute coronary syndrome without ST segment elevation with pump failure (Killip class II, and once compensated she was scheduled for emergency supracondylar amputation due to ischemic gangrene. It was decided to use selective spinal subarachnoid from the right leg, which was applied without complications and favored the proper development of the planned surgery. At 72 hours, the patient was discharged from the ICU, with metabolic compensation and without

  12. Comportamiento de indicadores hospitalarios durante el decenio 1990-1999

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mercedes Fonseca Hernández

    2001-09-01

    Full Text Available Se realiza un estudio de tipo serie cronológica, con el objetivo de precisar el comportamiento de indicadores hospitalarios seleccionados, durante el decenio 1990-1999, para lo cual se determinó la tendencia lineal por el método de los semipromedios. Se observó una ligera tendencia al incremento de las consultas realizadas y del promedio de casos vistos por consulta, asimismo la tendencia del número total de casos vistos en consulta mostró un franco incremento, fundamentalmente por el aumento de los casos atendidos en consultas de especialidades quirúrgicas y consultas multidisciplinarias. Se constató una franca tendencia decreciente del número de ingresos en la institución, del índice ocupacional y de la estadía; la tendencia decreciente del número de fallecidos y de la tasa de mortalidad neta fue más discreta. También se evidenció una franca tendencia al incremento del número de operaciones ambulatorias. Como conclusión se verificó un comportamiento favorable durante los últimos 10 años de casi todos los indicadores hospitalarios seleccionados para análisis, posiblemente relacionado con los cambios organizativos efectuados en la institución durante la segunda mitad de la década estudiada.A chronological study was conducted aimed at knowing the behavior of selected hospital indicators during 1990-1999, for which the lineal trend was determined by the semiaverages method. It was observed a light trend towards the increase of the consultations made and of the average of cases seen at the physician’s office. The trend of the total number of patients that received attention at the physician’s office showed a high increase due mainly to the rise of cases attended by different surgery specialists and multidisciplinary teams. It was observed a decreasing trend of the number of hospital admissions, of the bed occupancy rate and of hospital stay. The trend towards the reduction of deaths and of the net mortality rate was more

  13. Caries dental asociada a factores de riesgo durante el embarazo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antonio Cecilio Pérez Oviedo

    2011-06-01

    Full Text Available El periodo gestacional se relaciona con una mayor incidencia de caries dental, aunque la asociación entre gestación e incremento de caries no ha podido aún ser científicamente demostrada. Se propuso realizar un estudio para determinar la presencia de caries dental y algunos factores de riesgo asociados en el primer y tercer trimestre del embarazo, para detectar la aparición de lesiones cariosas nuevas y cambios relacionados con los factores de riesgo entre ambos trimestres. Se realizó un estudio descriptivo longitudinal desde diciembre de 2006 a febrero de 2008 en el municipio de Florida, Camagüey, Cuba. El universo de estudio estuvo constituido por 38 embarazadas y la muestra por 21, que fueron interrogadas y examinadas en ambos trimestres con el objetivo de determinar la presencia de caries y los factores de riesgo asociados como: higiene bucal deficiente, dieta cariogénica, pH salival bajo, ocurrencia de vómitos y embarazo previo. La información necesaria fue recogida en un formulario confeccionado al efecto. En el primer trimestre el 80,95 % estaban afectadas por caries dental y se observó aparición de lesiones nuevas en 6 embarazadas, en el tercer trimestre. Los factores de riesgo presentados con mayor frecuencia en el primer trimestre fueron la dieta cariogénica en el 66,66 % y la higiene bucal deficiente en el 47,61 % de las pacientes. Ninguna embarazada modificó la dieta durante el embarazo, sin embargo la higiene bucal deficiente persistió en el 14,28 %. El 52,38 % de las embarazadas afectadas en el primer trimestre consumían dieta cariogénica y el 47,61 % habían tenido embarazo previo. Se concluyó que hubo afectación por nuevas caries durante el embarazo, los factores de riesgo que predominantes fueron la dieta cariogénica, la higiene bucal deficiente y el embarazo previo. Las pacientes no modificaron la dieta durante el embarazo, pero sí mejoraron la higiene bucal. Todas las que presentaban vómitos y pH salival

  14. Sexualidad femenina durante la gestación

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ignacio González Labrador

    2001-10-01

    Full Text Available Se realizó una revisión sobre diferentes criterios de la conveniencia, presencia y frecuencia de las relaciones sexuales durante el proceso de gestación, y brindamos resultados de algunos trabajos realizados al respecto. Los tabúes, los prejuicios, la desinformación y muchas veces el desconocimiento alrededor de este tema que tanta atención precisa, han llevado a que se le investigue poco o se trate de forma equivocadaA review of the various criteria about the convenience, presence and frequency of sexual relations during pregnancy was made and the results of some papers are also presented. Taboos, prejudices, distorted information and lack of knowledge about this topic that requires so much attention have led to insufficient research or to wrong analyses of the subject

  15. Tortugas marinas durante el 2010 en Pisco, Perú

    OpenAIRE

    Quiñones, Javier; Paredes, Evelyn; Quispe, Sixto; Delgado, Luis

    2015-01-01

    Durante el 2010, se capturó 55 ejemplares de tortuga verde Chelonia mydas en La Aguada (13°51’S y 76°15’W) al sureste de la bahía de Paracas; el número promedio de tortugas capturadas por kilómetro de red tendida fue 3,08±2,5; el tamaño promedio de la LCC fue 60,3±10,5cm; el 78% de los ejemplares presentaron el patrón 5c, 4d, 4i y 11d, 11i, para los escudos centrales, costales y marginales, respectivamente. La TSM donde se capturaron varió entre 15,2 y 20,9 °C, la mayor ocurrencia...

  16. Las fuerzas con efecto transiente durante la marcha militar

    OpenAIRE

    Thais Pereira Guisande; Julio Cerca Amadio; Alberto Carlos Amadio; Luis Mochizuki

    2013-01-01

    Introdução: O padrão vertical anormal da força de reação do solo (FRS) apresenta a assimetria ou mais de dois picos como marcha patológica típica. Uma força típica e assimétrica é a força transiente. Será que a marcha militar é uma espécie de marcha patológica? Objetivo: Descrever e analisar a força de reação do solo vertical durante a fase de apoio da marcha militar. Método: Os participantes foram 20 soldados do Exército Brasileiro que tiveram anteriormente uma lesão nos membros inferior...

  17. MANIFESTACIONES OCULTAS DE VIOLENCIA, DURANTE EL DESARROLLO DEL RECREO ESCOLAR

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jenny María Artavia Granados

    2013-01-01

    Full Text Available El presente artículo es producto de un proceso de investigación realizado en una escuela de la Dirección Regional de Educación de Occidente, en Costa Rica. Este tiene como fin determinar si durante el desarrollo de los recreos se suscitan manifestaciones de violencia implícitas u ocultas entre las y los estudiantes II Ciclo de la Educación General Básica. En el proceso del estudio se tomaron en cuenta aspectos relacionados con las actividades lúdicas y las interacciones personales desarrolladas durante los recreos escolares y que podrían propiciar violencia escolar implícita u oculta. Se procuró identificar la existencia de enfrentamientos y conflictos entre estudiantes, que conllevan amenazas, manifestaciones de exclusión, persecuciones e intimidaciones entre las y los niños. Se plantearon algunas conclusiones entre las que destacan que un alto porcentaje de la población estudiantil investigada manifiesta recibir amenazas, y que estas, en mayor número, se producen entre las niñas. Asimismo, un alto porcentaje de esta población estudiada indica que ha sido excluida en la dinámica del recreo por diferentes motivos, entre los que destacan: características físicas, género, condición social y situaciones particulares educativas que presentan algunos niños o niñas en edad escolar.

  18. Comparação da anestesia geral e bloqueio do plexo cervical superficial em tireoidectomias parciais Comparison between general anesthesia and superficial cervical plexus block in partial thyroidectomies

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rui Celso Martins Mamede

    2008-02-01

    Full Text Available Tireoidectomia sob efeito de bloqueio do plexo cervical superficial (BPCS tem sofrido resistência. OBJETIVO: Comparar variáveis cirúrgicas e anestésicas, custos do tratamento e grau de satisfação de pacientes submetidos à hemitireoidectomia sob efeito de anestesia geral e BPCS. CASUÍSTICA E MÉTODOS: Foram 21 pacientes submetidos à anestesia geral (AG e outro tanto ao BPCS. Após sedação, no grupo com BPCS, usou-se marcaína com vasoconstritor, e quando necessário, lidocaína a 2% com vasoconstritor. Sedação intra-operatória com diazepam endovenoso e metoprolol para controle da PA e FC eram administradas quando necessário. Usou-se anestesia geral (AG segundo padronização do serviço. RESULTADOS: Foram significantes (pThyroidectomy under the effect of superficial cervical plexus block (SCPB has met resistance. AIM: to compare variables in patients submitted to hemithyroidectomy under the effect of general anesthesia (GA and SCPB. CASE REPORT AND METHODS: GA was used in 21 patients, and SCPB was used in another 21 patients. Following sedation, marcaine 0.5% with vasoconstrictor was used in the SCPB group. Intraoperative sedation with diazepam and metoprolol to control arterial pressure and cardiac frequency was given as needed. GA followed the standard method in the unit. RESULTS: We found significant results (p<0.05, Student’s t-test for surgery time (GA - 111.4 min; SCPB - 125.5 min, anesthesia time (GA - 154.1 min; SCPB - 488.6 min, time in the surgery room (GA - 15 min; SCPB - 1 min, treatment costs (GA - R$203.2; SCPB - R$87.4, presence of bradycardia (GA - 0; SCPB - 23.8% and laryngotracheal injury (GA - 51; SCPB - 0 %. We also found the following non-significant results: hospitalization time (GA - 17.3; SCPB - 15.1 hours; bleeding volume (GA - 41,9 g; SCPB - 47.6 g, size of the operative specimen (GA - 52.1 cm3; SCPB - 93.69 cm3 and patient satisfaction level (GA - 3.8; SCPB - 3.9. CONCLUSION: Although the incidence of

  19. Anestesia subaracnoidea para cesariana em paciente com derivação ventriculoperitoneal: relato de caso Anestesia subaracnoidea para cesárea en paciente con derivación ventriculoperitoneal: relato de caso Subarachnoid blockade for cesarean section in a patient with ventriculoperitoneal shunt: case report

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alexandre Palmeira Goulart

    2009-08-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Pacientes portadores de derivação ventriculoperitoneal (DVP causam preocupação adicional quando o bloqueio do neuroeixo é indicado, sobretudo em obstetrícia. Atualmente não existe consenso na literatura sobre a técnica anestésica de escolha nesses casos. O objetivo deste relato foi descrever o caso de paciente com DVP submetida à cesariana sob anestesia subaracnoidea. RELATO DO CASO: Paciente de 28 anos, secundigesta, um parto anterior sem história de aborto, de termo, pré-natal sem intercorrências, em trabalho de parto há cinco horas, uma cesariana há sete anos. Evoluiu com sofrimento fetal agudo, indicada cesariana de emergência. Portadora DVP há cinco anos, devido à hipertensão intracraniana (sic de etiologia desconhecida. Exame neurológico normal. Foi submetida à anestesia subaracnoidea com bupivacaína a 0,5% pesada 15 mg e morfina 80 ¼g. Nascimento fetal com Apgar 8 (1 minuto e 10 (5 minutos após nascimento. Alta após dois dias em excelente condição clínica. CONCLUSÕES: A abordagem anestésica de pacientes obstétricas com DVP é complexa, devendo-se comparar o risco e o benefício das técnicas no momento e circunstância da indicação. O bloqueio do neuroeixo tem sido relatado com sucesso em portadoras de doenças neurológicas. Quanto à DVP, não existe na literatura contraindicação formal ao bloqueio. Os casos devem ser individualizados. Neste relato, diante da emergência obstétrica e do quadro neurológico vigente, optou-se pelo bloqueio no neuroeixo. A técnica proporcionou adequado manuseio da via aérea, boa condição materno-fetal e analgesia pós-operatória. A evolução foi favorável, sem alterações neurológicas decorrentes da técnica escolhida.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: Los pacientes portadores de derivación ventriculoperitoneal (DVP nos causan una preocupación adicional cuando el bloqueo del neuro-eje está indicado, principalmente en obstetricia

  20. Anestesia para ventriculostomia por via endoscópica para tratamento de hidrocefalia: relato de casos Anestesia para ventriculostomía por vía endoscópica para tratamiento de hidrocefalia: relato de casos Anesthesia for endoscopic ventriculostomy for the treatment of hydrocephalus: case report

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Friederike Wolff Valadares

    2007-02-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A terceiro-ventriculostomia endoscópica está se tornando um procedimento de rotina entre as intervenções neurocirúrgicas infantis. Entretanto, relatos sobre anestesia para crianças submetidas a tais procedimentos ainda são escassos. O objetivo desta série de casos foi demonstrar os cuidados e a eficácia do método empregado. RELATO DOS CASOS: Foram avaliadas retrospectivamente 38 crianças abaixo de 2 anos que se submeteram à terceiro-ventriculostomia neuroendoscópica para tratamento de hidrocefalia obstrutiva no período de 1999 a 2004 no Biocor Instituto. Foram estudados o diagnóstico, comorbidades, idade, peso, técnica anestésica, monitorização e as complicações intra e pós-operatórias. Todos os pacientes, entre 1 semana e 20 meses, apresentavam hidrocefalia obstrutiva por compressão do aqueduto de etiologia variada. A indução anestésica em 35 crianças foi por via inalatória e por via venosa em três delas. A monitorização de 34 pacientes foi com eletrocardiograma, oxímetro de pulso, capnógrafo e termômetro esofágico, sendo quatro crianças monitorizadas com pressão arterial invasiva contínua. A manutenção da anestesia em 15 pacientes foi balanceada com fentanil e isoflurano e em outros 23 pacientes inalatória com isoflurano. Trinta e cinco crianças foram extubadas após o procedimento na sala cirúrgica e outras três no CTI. Seis pacientes foram encaminhados ao CTI após a extubação. Complicações observadas: disritmias cardíacas sem repercussão hemodinâmica no intra-operatório (seis casos. Dois pacientes tiveram sangramento intra-operatório, mas somente um deles demandou implante de derivação ventricular externa. As complicações no pós-operatório foram: vômitos (6, picos febris (4 convulsões (2, laringoespasmo (1 e estridor laríngeo (1. CONCLUSÕES: A terceiro-ventriculostomia apresenta baixa incidência de complicações mesmo em pacientes com menos de 24

  1. Anestesia para implante de marca-passo em paciente adulto com ventrículo único não-operado: relato de caso Anestesia para implante de marcapaso en paciente adulto con ventrículo único no operado: relato de caso Anesthesia for pacemaker implant in an adult patient with unoperated univentricular heart: case report

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriano Bechara de Souza Hobaika

    2007-02-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Ventrículo único é anormalidade rara encontrada em cerca de 1% dos pacientes com cardiopatia congênita. Somente 11 casos de pacientes com ventrículo único não-operado e idade acima de 50 anos foram relatados na literatura. Este trabalho teve como objetivo descrever a conduta anestésica em paciente com ventrículo único para implante de marca-passo. RELATO DO CASO: Paciente do sexo feminino, 47 anos, com presença de dupla via de entrada do ventrículo esquerdo, L-transposição de grandes artérias e estenose subpulmonar, sem correção cirúrgica prévia, foi agendada para implante de marca-passo cardíaco definitivo seqüencial de duas câmaras. Ao MAPA apresentava bloqueio atrioventricular de segundo grau e uma freqüência cardíaca média de 45 bpm. Os exames pré-operatórios mostravam hematócrito de 57%, coagulograma normal, função ventricular preservada. A monitorização constou de oxímetro de pulso, ECG nas derivações D II e V5, PIA, capnógrafo e analisador de gases. Um marca-passo temporário transcutâneo foi disponibilizado no caso de bradicardia intensa. A anestesia foi induzida com fentanil (0,25 mg, etomidato (20 mg e atracúrio (35 mg. Quatro minutos após a indução, a freqüência cardíaca diminuiu para 30 bpm, sendo administrado 1 mg de atropina, com reversão da bradicardia. A anestesia foi mantida com sevoflurano a 2,5%, ar 60% e oxigênio 40%. O estado hemodinâmico e a saturação de oxigênio permaneceram estáveis. A paciente foi encaminhada à unidade de terapia intensiva estável e extubada ao final do procedimento. CONCLUSÕES: A conduta anestésica para implante de marca-passo em paciente de 47 anos com dupla via de entrada do ventrículo esquerdo e estenose subpulmonar não-operada foi adequada, haja vista que permitiu a realização do procedimento indicado.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: Ventrículo único es una anormalidad rara encontrada en aproximadamente 1% de los

  2. Anestesia subaracnóidea para cesariana em paciente portadora de esclerose múltipla: relato de caso Anestesia subaracnoidea para cesárea en paciente portadora de esclerosis múltiple: relato de caso Subarachnoid anesthesia for cesarean section in a patient with multiple sclerosis: case report

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabiano Timbó Barbosa

    2007-06-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A esclerose múltipla é uma doença adquirida que se caracteriza por áreas desmielinizadas no encéfalo e na medula espinal. O quadro clínico depende das áreas anatômicas acometidas. As principais causas de morte são infecção, falência respiratória e estado de mal epiléptico. Ocorre em pacientes geneticamente predispostos após contato com fatores ambientais, principalmente os vírus. O objetivo desse relato foi apresentar a técnica anestésica adotada em paciente com esclerose múltipla submetida à cesariana. RELATO DO CASO: Paciente com 32 anos, 60 kg, portadora de esclerose múltipla, tratada com metilprednisolona, deu entrada no centro obstétrico para realização de cesariana. Após monitoração foi realizada anestesia subaracnóidea com bupivacaína a 0,5% hiperbárica (12,5 mg associada à morfina (0,1 mg. O procedimento evoluiu sem intercorrências e a paciente recebeu alta hospitalar 48 horas após o parto sem piora dos sintomas preexistentes. CONCLUSÕES: O presente caso sugere que a raquianestesia pode ser administrada em paciente portador de esclerose múltipla sem a ocorrência obrigatória de exacerbações agudas dos sintomas no período pós-operatório.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: La esclerosis múltiple es una enfermedad adquirida que se caracteriza por áreas desmielinizadas en el encéfalo y en la médula espinal. El cuadro clínico depende de las áreas anatómicas acometidas. Las principales causas de muerte son infección, falencia respiratoria y estado de mal epiléptico. Ocurre en pacientes genéticamente predispuestos después del contacto con factores ambientales, principalmente los virus. El objetivo de este relato fue presentar la técnica anestésica adoptada en paciente con esclerosis múltiple sometida a cesárea. RELATO DEL CASO: Paciente con 32 anos, 60 kg, portadora de esclerosis múltiple, tratada con metilprednisolona, entró en el centro obstétrico para realizaci

  3. Manifestaciones ocultas de violencia, durante el desarrollo del recreo escolar

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Artavia Granados, Jenny María

    2013-01-01

    Full Text Available El presente artículo es producto de un proceso de investigación realizado en una escuela de la Dirección Regional de Educación de Occidente, en Costa Rica. Este tiene como fin determinar si durante el desarrollo de los recreos se suscitan manifestaciones de violencia implícitas u ocultas entre las y los estudiantes II Ciclo de la Educación General Básica. En el proceso del estudio se tomaron en cuenta aspectos relacionados con las actividades lúdicas y las interacciones personales desarrolladas durante los recreos escolares y que podrían propiciar violencia escolar implícita u oculta. Se procuró identificar la existencia de enfrentamientos y conflictos entre estudiantes, que conllevan amenazas, manifestaciones de exclusión, persecuciones e intimidaciones entre las y los niños. Se plantearon algunas conclusiones entre las que destacan que un alto porcentaje de la población estudiantil investigada manifiesta recibir amenazas, y que estas, en mayor número, se producen entre las niñas. Asimismo, un alto porcentaje de esta población estudiada indica que ha sido excluida en la dinámica del recreo por diferentes motivos, entre los que destacan: características físicas, género, condición social y situaciones particulares educativas que presentan algunos niños o niñas en edad escolar.This article is the product of a research process carried out in a school at Dirección Regional de Occidente (Western Regional Bureau of Education, in Costa Rica. This is intended to determine if during the development of school recesses manifestations of violence, implied or hidden, arise among the students of II Cycle of the General Basic Education. The process of the study took into account aspects related to recreational activities and personal interactions developed in school recess and that could lead to implied or hidden school violence or bullying. It was aimed to identify the existence of confrontations and conflicts between students

  4. Estudo retrospectivo da incidência de óbitos anestésico-cirúrgicos nas primeiras 24 horas: revisão de 82.641 anestesias

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Chan Raquel Pei Chen

    2002-01-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Desde o primeiro relato de óbito por anestesia, muitas tentativas têm sido feitas para estudar a incidência de fatores de risco, complicações e mortalidades associadas à anestesia e cirurgia. O risco estimado peri-operatório de mortalidade varia de 0,05 a 10 casos para 10.000 anestesias. O objetivo deste estudo foi reportar a incidência de óbitos anestésicos-cirúrgicos nas primeiras 24 horas, ocorridos no Hospital das Clínicas da FMUSP. MÉTODO: Foram revisados os prontuários de pacientes anestesiados nos anos 1998 e 1999, num total de 82.641 cirurgias. Os óbitos foram classificados quanto à causa de óbito pela classificação de Edwards, faixa etária, sexo, estado físico (ASA, especialidade e tipo de anestesia. RESULTADOS: A causa de óbito pela classificação de Edwards demonstrou que 91,04% eram da categoria V; 3,77% da categoria VI; 2,13% da VII; 2,84% da IV e 0,23% da I. A faixa etária acima de 65 anos teve incidência de óbito de 1,48%; a dos adultos de 0,48%; crianças de 1 a 12 anos de 0,11%; crianças de 31 dias a 1 ano de 1,29% e neonatos até 30 dias de 2,88%. A proporção de óbitos em relação ao total é de 59,2% de adultos; 30,2% acima de 65 anos; 2,8% de 1 a 12 anos; 4% de 31 dias a 1 ano e 3,8% de neonatos. Os homens representam 66,3% e as mulheres 33,7% dos óbitos. A distribuição por ASA foi a seguinte: ASA I -11,1%, ASA II- 5,2%, ASA III- 30,9%, ASA IV- 34,4% e ASA V- 18,4%. Cirurgias de emergência contabilizaram 67,2% dos óbitos e as eletivas 32,8%. A incidência geral de óbitos foi de 0,51% (sendo 1,88%, a mais elevada, em cirurgia cardíaca, e 1,87% em vascular. CONCLUSÕES: Os óbitos anestésico-cirúrgicos nos anos 1998 e1999 foram considerados inevitáveis, considerando-se a classificação de Edwards. A incidência mais alta de óbitos ocorreu em neonatos, O predomínio dos óbitos foi do sexo masculino, de pacientes ASA III ou mais, em cirurgias de emerg

  5. Seqüência de fluxo de gás fresco para início da anestesia com baixo fluxo: aplicação clínica do estudo teórico de Mapleson Secuencia de flujo de gas fresco para inicio de la anestesia con bajo flujo: aplicación clínica del estudio teórico de Mapleson Fresh-gas flow sequence at the start of low-flow anesthesia: clinical application of Mapleson’s theoretical study

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marisa Miziara Jreige Borges

    2002-04-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Em estudo teórico, Mapleson utilizando um modelo farmacocinético multicompartimental, com um homem padrão de 40 anos e 70 kg, demonstrou que, com fluxo de gás fresco (FGF inicial igual à ventilação pulmonar total, sendo depois reduzido até 1 L.min-1 e concentração (Fracional administrada do anestésico (Fadm igual a 3 CAM, a fracional expirada final, também expressa como alveolar (F E’=F A, pode atingir 1 CAM em poucos minutos, de acordo com a solubilidade do agente inalado. O objetivo do presente trabalho foi realizar a aplicação clínica deste modelo teórico. MÉTODO: Foram incluídos neste estudo 28 pacientes de ambos os sexos, com idade entre 18 e 55 anos, submetidos à anestesia geral, divididos aleatoriamente em 4 grupos de 7 pacientes de acordo com anestésico utilizado (halotano, isoflurano, sevoflurano e desflurano. A indução foi venosa com propofol, fentanil e vecurônio e a manutenção com o agente inalatório diluído em oxigênio, sob ventilação pulmonar mecânica. Os parâmetros foram os seguintes, de acordo com o agente utilizado: Grupo do halotano: FGF inicial de 5 L.min-1 até 4 minutos, seguido por 2,5 L.min-1 até 10 minutos e 1,5 L.min-1 até 20 minutos, Fadm igual a 3 CAM durante os 20 minutos iniciais da anestesia. Grupo do isoflurano: O FGF inicial foi de 5 L.min-1 por 1,5 minuto, seguido por 1,5 L.min-1 até 7 minutos e 1 L.min-1 até 20 minutos. A Fadm foi de 3 CAM até 7 minutos e 2,5 CAM até o vigésimo minuto. Grupo do sevoflurano: O FGF inicial foi de 5 L.min-1 por 1 minuto e 1 L.min-1 até o vigésimo minuto e a Fadm de 3 CAM por 1 minuto, depois 2,5 CAM até 7 minutos e 1,8 CAM até 20 minutos. Grupo do desflurano: O FGF inicial foi de 3,5 L.min-1 por 1 minuto e 1 L.min-1 até completar os 20 minutos e a Fadm de 3 CAM por 1 minuto, seguido de 1,5 CAM até 10 minutos e 1,2 CAM até 20 minutos. Além da monitorização rotineira das variáveis fisiol

  6. Hernias inguinales bilaterales operadas con anestesia local mediante hernioplastia de Lichtenstein Bilateral inguinal hernias operated on with local anesthesia by Lichtenstein hernioplasty

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bárbaro Agustín Armas Pérez

    2009-03-01

    Full Text Available INTRODUCCIÓN. La hernioplastia inguinal bilateral libre de tensión de Lichtenstein es una posibilidad real de tratamiento en pacientes con hernia inguinal bilateral. Este método es en esencia menos costoso para el paciente, la institución y la economía en general, y permite una reincorporación rápida a la sociedad, por lo cual en el presente estudio se presentaron los resultados de este protocolo de tratamiento, con la finalidad de evaluar su efectividad. MÉTODOS. Se realizó un estudio descriptivo transversal con los primeros 38 pacientes operados con la técnica de Lichtenstein mediante anestesia local (técnica combinada de Braun y de Shleider. Los pacientes fueron operados de forma ambulatoria entre enero de 2001 y diciembre del 2007. Se dio el alta en la tarde, si la operación fue en la mañana; y al amanecer del día siguiente, si se operó en la tarde, con el objetivo de evitar la equimosis declive con la movilización precoz. RESULTADOS. Cuatro de los pacientes presentaban hernias recurrentes. El material protésico más empleado fue el polipropileno (86,9 %. Las complicaciones alcanzaron el 9,1 % (referidas no a los 38 pacientes, sino a las 76 hernioplastias; y después de un seguimiento que osciló entre 1 y 36 meses, se presentó un rechazo al material protésico (1,3 % y una recidiva (1,3 %. CONCLUSIONES. Se concluyó que este procedimiento es aplicable a las hernias bilaterales, ya que el estrés, los costos institucionales y las molestias del paciente se reducen, con lo cual demuestra su eficacia.INTRODUCTION. Lichtenstein's tension free bilateral inguinal hernioplasty is a real possibility for treating patients with bilateral inguinal hernia. This method is essentially less expensive for the patient, the institution and the economy in general, and it allows a fast reincorporation to society. Therefore, the results of this treatment protocol were included in the present study aimed at evaluating its effectiveness. METHODS

  7. Anestesia convencional e técnica de tumescência em cadelas submetidas à mastectomia. Avaliação da dor pós-operatória

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    C.S. Aguirre

    2014-08-01

    Full Text Available As neoplasias mamárias são as mais comuns em cadelas e geralmente acometem fêmeas de meia-idade a idosas, não castradas ou que foram submetidas ao procedimento de ovario-histerectomia tardiamente. A principal forma de tratamento é a excisão cirúrgica, sendo a ressecção unilateral das glândulas mamárias o procedimento mais realizado na prática veterinária. O objetivo do presente estudo foi comparar a dor pós-operatória em cadelas submetidas ao procedimento de mastectomia unilateral sob efeito das técnicas anestésicas de tumescência ou convencional. Foram utilizadas 20 cadelas, divididas em dois grupos: um grupo recebeu apenas a anestesia geral inalatória (grupo convencional, e o outro recebeu adicionalmente a anestesia infiltrativa por tumescência (grupo tumescência. Elas foram avaliadas nas primeiras 24 horas do período pós-operatório, e o processo álgico foi avaliado pela escala de dor da Universidade de Melbourne. As médias dos escores obtidos ao longo do tempo foram submetidas ao teste de Tukey a um nível de 5% de significância (p<0,05. Não foram observadas diferenças significativas entre os grupos com relação à dor pós-operatória. A técnica anestésica infiltrativa por tumescência apresentou a vantagem da redução do sangramento transoperatório e mostrou-se exequível em pequenos animais, entretanto seu uso está relacionado à experiência e à preferência do cirurgião e do anestesista.

  8. Uso do bloqueio combinado raqui-peridural durante cirurgia de cólon em paciente de alto risco: relato de caso Uso del bloqueo combinado raquiepidural durante cirugía de colon en paciente de alto riesgo: relato de caso Combined spinal epidural anesthesia during colon surgery in a high-risk patient: case report

    OpenAIRE

    Luiz Eduardo Imbelloni; Marcos Fornasari; José Carlos Fialho

    2009-01-01

    JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: O bloqueio combinado raqui-peridural (BCRP) oferece vantagens sobre a anestesia peridural ou subaracnóidea com injeção única. O objetivo deste relato foi apresentar um caso onde a anestesia subaracnóidea segmentar pode ser técnica efetiva para intervenção cirúrgica gastrintestinal com respiração espontânea. RELATO DO CASO: Paciente estado físico ASA III, diabetes mellitus tipo II, com hipertensão arterial sistêmica e doença pulmonar obstrutiva crônica, foi escalada ...

  9. Effect of tranquilization and anesthesia on high-resolution electrocardiographic indices of dogs in the chronic chagasic myocardiopathy Efeito da tranquilização e da anestesia nos índices da eletrocardiografia de alta resolução em cães com miocardiopatia chagásica crônica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    W.L. Ferreira

    2006-12-01

    Full Text Available The effect of tranquilization and anesthesia on high-resolution electrocardiography (HRECG indices of dogs in the undetermined chronic phase of Chagas' disease was studied. Eight adult female mongrel dogs were submitted to six protocols: group 1: animals not submitted to tranquilization or anesthesia; group 2: tranquilization with acepromazine; group 3: tranquilization with a combination of acepromazine and buprenorphine; group 4: general inhalatory anesthesia with isoflurane; group 5: general inhalatory anesthesia with sevoflurane; group 6: anesthesia with propofol. The animals were submitted to all protocols at an interval of 15 days between assessments. HRECG was performed in the time domain. Regarding the electrocardiographic parameters analyzed, no significant difference in the duration of the QRS complex or LAS40 was observed between groups. Similarly, the RMS40 remained unaltered. The noise level was significantly lower in the groups anesthetized with isoflurane, sevoflurane and propofol compared to the group not submitted to tranquilization or anesthesia. Anesthesia facilitated the HRECG recording without altering the electrocardiographic indices obtained.Avaliou-se o efeito da tranquilização e da anestesia sobre os índices da eletrocardiografia de alta resolução (ECGAR em cães portadores de doença-de-chagas na fase crônica indeterminada. Foram utilizados oito cães, adultos, sem raça definida, fêmeas, submetidas a seis protocolos (grupos. No grupo 1, os animais estavam sem efeito de tranquilização ou anestesia; no grupo 2, foram tranquilizados com acepromazina; no 3, foram tranquilizados com a associação acepromazina e buprenorfina; no 4, estavam sob anestesia geral inalatória com isofluorano; no 5, sob anestesia geral inalatória com sevofluorano; e no 6, sob anestesia com propofol. Os animais foram submetidos a todos os protocolos, com um período de 15 dias entre cada avaliação. Não se verificou altera

  10. O uso do analisador de anestésicos inalatórios como método de detecção de falha no aparelho de anestesia e prevenção de consciência no per-operatório: relato de caso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cruvinel Marcos Guilherme Cunha

    2003-01-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A consciência per-operatória é uma rara, mas grave, complicação da anestesia geral. O mau funcionamento do aparelho de anestesia é uma das diversas causas das complicações anestésicas, dentre elas a consciência per-operatória. O objetivo deste relato é mostrar um caso em que o uso do analisador de anestésicos inalatórios proporcionou o diagnóstico de uma falha no aparelho de anestesia que poderia ter causado consciência no per-operatório. RELATO DO CASO: Paciente do sexo feminino, 38 anos, 55 kg, estado físico ASA I, portadora de carcinoma na mama direita, admitida para mastectomia radical e reconstrução mamária com retalho miocutâneo. Foi realizada punção peridural em T8-T9 com agulha 17G com introdução de cateter e administração de ropivacaína a 0,2%. Seguiu-se indução de anestesia geral com início de vaporização de sevoflurano. Apesar dos outros parâmetros de monitorização não terem acusado achados de relevância, o analisador de anestésicos inalatórios não identificou a presença de sevoflurano, o que conduziu ao diagnóstico de um vazamento no vaporizador. CONCLUSÕES: A consciência per-operatória é uma complicação que, apesar de rara, é grave e deve ser prevenida. As falhas do equipamento de anestesia podem ser minimizadas por sua inspeção, com testes detalhados e rotineiros antes do seu uso. O analisador de anestésicos inalatórios é um monitor útil sempre que estes estejam sendo utilizados e um instrumento útil para detectar precocemente falhas no equipamento de anestesia, como exemplificado no caso relatado.

  11. Anestesia para colecistectomia videolaparoscópica em paciente portador de Doença de Steinert: relato de caso e revisão de literatura Anestesia para colecistectomía videolaparoscópica en oaciente oortador de Enfermedad de Steinert: relato de caso y revisión de la literatura Anesthesia for videolaparoscopic cholecystectomy in a patient with Steinert Disease: case report and review of the literature

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Flora Margarida Barra Bisinotto

    2010-04-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: As distrofias miotônicas são doenças neuromusculares de transmissão autossômica dominante. Dentre elas, a distrofia miotônica tipo 1 (DM1, ou doença de Steinert, é a mais comum no adulto e, além do envolvimento muscular, apresenta manifestações sistêmicas importantes. A DM1 representa um desafio para o anestesiologista. Os pacientes apresentam maior sensibilidade às drogas anestésicas e complicações, principalmente cardíacas e pulmonares. Além disso, há a possibilidade de apresentarem hipertermia maligna e crise miotônica. Descreveu-se o caso de um paciente que teve complicação pulmonar importante após ser submetido à anestesia geral. RELATO DO CASO: Paciente de 39 anos, portador de DM1, foi submetido à anestesia geral para colecistectomia videolaparoscópica. A anestesia foi venosa total com propofol e remifentanil e rocurônio. O procedimento cirúrgico de 90 minutos não apresentou intercorrências, mas após a extubação o paciente apresentou insuficiência respiratória e crise miotônica, que tornou a intubação traqueal impossível. Utilizou-se a máscara laríngea, que possibilitou a oxigenação adequada, e a ventilação mecânica foi mantida até a recuperação total da atividade respiratória. Evolução ocorreu sem outras complicações. CONCLUSÕES: A DM1 é uma doença que apresenta várias peculiaridades para o anestesiologista. O conhecimento minucioso do seu envolvimento sistêmico, associado à ação diferenciada das drogas anestésicas nesses pacientes, proporcionará um ato anestésicocirúrgico mais seguro.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: Las distrofias miotónicas son enfermedades neuromusculares de transmisión autosómica dominante. Entre ellas está la distrofia miotónica tipo 1 (DM1, o enfermedad de Steinert, que es la más común en el adulto y además de la involucración muscular, presenta manifestaciones sistémicas importantes. La DM1 representa un reto para el

  12. Qualidade de biodiesel de soja, mamona e blendas durante armazenamento

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marco Aurélio R. Melo

    2016-12-01

    Full Text Available Objetivou-se monitorar o armazenamento dos biodieseis provenientes da transesterificação homogênea alcalina do óleo de soja e mamona via rota metílica, avaliando a indução oxidativa pela norma EN14112 e pelo método PetroOxy durante o período de 120 dias, também observou-se o comportamento dos biodieseis inseridos em blendas nas proporções de 20, 30, 40 e 50% v/v de biodiesel de mamona ao biodiesel de soja denominadas de M20, M30, M40 e M50 (em recipientes de aço-carbono fechado. Conforme análises físico-químicas, as especificações para ambos biodiesel e blendas satisfizeram as exigências dos limites permitidos pelo Regulamento Técnico nº 14/2012 da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis. Exceção das análises de estabilidade oxidativa (M0, M20, M30 e M40, do índice de acidez após 60 dias (M50, após 90 dias (M40 e M50, após 120 dias (M100 e da viscosidade cinemática (M40, M50 e M100 que apresentaram valores fora dos limites estabelecidos pela norma. As propriedades fluidodinâmicas apresentaram comportamentos semelhantes para os biodieseis metílicos e blendas, assim, nestas concentrações o biodiesel metílico de mamona atua como um aditivo natural ao biodiesel metílico de soja. Através do método EN 14112 verificou-se que a blenda M50 é mais resistente ao processo de oxidação durante armazenamento de 120 dias.Quality of biodiesel soy, castor beans and blends during storageAbstract: The objective of the study was to monitor the storage of biodiesels from alkaline homogeneous transesterification of soybean and castor oil via methyl route, and to evaluate the oxidative induction by the EN14112 standard and the PetroOxy method over the period of 120 days. We observed the behavior of the inserted biodiesels in blends in the ratios of 20, 30, 40 and 50% v / v biodiesel from castor beans of soybean biodiesel named M20, M30, M40 and M50 (closed carbon steel containers . As physical and chemical

  13. Seguridad durante el tratamiento con ozono en el consultorio dental

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Judit Martínez Abreu

    Full Text Available El ozono, de gran poder oxidante ha demostrado propiedades terapéuticas, pero es potencialmente tóxico. El propósito de este trabajo fue identificar las consideraciones a tener en cuenta para garantizar la seguridad durante la ozonoterapia estomatológica. Se realizó la investigación en dos etapas: primero revisión bibliográfica consultándose 38 publicaciones científicas de las bases de datos Hinari, Cochrane, Pubmed, Scopus, Scielo, Dynamed, EBSCOH disponibles a través de la Red de Infomed, (2005-2012, seleccionándose 27. Segunda etapa: se aplicaron métodos teóricos de análisis y síntesis e inducción y deducción, teniendo en cuenta los fundamentos teóricos de la literatura revisada así como la experiencia acumulada por los autores después de más de 15 años de emplear la ozonoterapia, para determinar los criterios necesarios en cuanto a la seguridad de los sujetos. Se evidenció que el ozono es seguro, siempre y cuando se use según la dosis terapéutica adecuada. Se determinaron consideraciones a tener en cuenta en cuanto al ambiente, operador, paciente, instrumentos y materiales, indicaciones, exámenes complementarios, legalidad e investigaciones. Se requieren más ensayos clínicos para fundamentar a través de la estomatología basada en la evidencia, el papel de la ozonoterapia estomatológica.

  14. Anestesia peridural com lidocaína isolada ou associada à clonidina: efeito cardiorrespiratório e analgésico em cães Epidural anesthesia with lidocaine alone or combinated with clonidine: cardiopulmonary and analgesic effects in dogs

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renata Navarro Cassu

    2010-10-01

    Full Text Available Analgesia satisfatória tem sido relatada com a administração peridural de agonistas adrenérgicos em associação aos anestésicos locais. Objetivou-se, com este trabalho, avaliar o efeito analgésico e cardiorrespiratório da lidocaína isolada ou associada à clonidina via peridural lombossacra em cães. Seis cães foram submetidos a dois tratamentos, com intervalo mínimo de 15 dias entre cada avaliação. No tratamento L, foi empregada lidocaína 2% com vasoconstrictor (5mg kg-1 e, no tratamento C, a clonidina (10µg kg-1 foi associada à lidocaína, de modo a perfazer um volume final de 0,25ml kg-1. Os animais foram tranquilizados com acepromazina (0,05mg kg-1 IV e mantidos sob anestesia com isofluorano em máscara facial durante a punção do espaço peridural. Foram mensuradas: frequência cardíaca (FC, parâmetros eletrocardiográficos (ECG, frequência respiratória (f, pressão arterial sistólica (PAS, gases sanguíneos, temperatura retal (T, duração e extensão do bloqueio anestésico. A estatística foi realizada com análise de variância, teste de Tukey e teste t pareado (PSatisfactory analgesia has been related with epidural 2 adrenoceptor agonists in combination with local anesthetics. The aim of this study was to compare the analgesic and cardiopulmonary effects of lidocaine or lidocaine-clonidine epidural injections in healthy dogs. Dogs were randomly assigned to two groups of six animals each. The L group received lidocaine (5mg kg-1 L and the C group lidocaine plus clonidine (10µg kg-1 C. Preanaesthetic medication was carried out with acepromazine (0.05mg kg-1 IV. Anaesthesia was induced and maintained with isoflurane by facial mask for epidural injection. Heart rate (HH, electrocardiography (ECG, respiratory rate (RR, systolic arterial blood pressure (SAP, rectal temperature (RT, blood gases, duration of anesthesia and sensitive block level were investigated. Statistical analysis was performed with ANOVA, Tukey test

  15. Avaliação de alterações timpanométricas em pacientes submetidos à anestesia geral com óxido nitroso

    OpenAIRE

    Fernanda Mossumez Fernandes Teixeira; Shiro Tomita; Marco Antônio de Melo Tavares de Lima

    2005-01-01

    O óxido nitroso é um gás inalatório que pode aumentar a pressão intratimpânica durante o ato anestésico, bem como causar pressão negativa após sua suspensão, principalmente em pacientes com disfunção da tuba auditiva. Estas variações pressóricas podem trazer implicações clínicas, como ruptura de membrana timpânica, desarticulação da cadeia ossicular, hemotímpano, barotrauma, deslocamento de prótese de estapedotomia e lateralização do enxerto nas timpanoplastias, além da entrada de fluido sero...

  16. Els carbohidrats durant l’exercici: la recerca dels darrers 10 anys. Noves recomanacions

    OpenAIRE

    Jeukendrup, Asker

    2013-01-01

    Durant els darrers anys s’han produït canvis significatius en la manera d’entendre el paper que juguen els carbohidrats durant l’exercici, i això permet realitzar un assessorament més específic i més individualitzat pel que fa a la ingestió de carbohidrats durant l’exercici. Les noves directrius proposades tenen en compte la durada (i la intensitat) de l’exercici i l’assessorament no es limita a la quantitat de carbohidrats, sinó que també en proposa el tipus. La ingesta recomanada de carbohi...

  17. Incidencia de la sífilis durante el embarazo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vivian Herrera Gómez

    1997-08-01

    Full Text Available Se realiza un estudio descriptivo, retrospectivo en el Departamento de Enfermedades de Transmisión Sexual del Policlínico Docente "Nguyen Van Troi" en el trienio 1993 al 1995, con el objetivo de disminuir la morbilidad y la mortalidad por enfermedades de transmisión sexual en las gestantes. Se revisaron las encuestas epidemiológicas realizadas a todas las embarazadas con serologías positivas por el Departamento de Enfermedades de Transmisión Sexual y de cada una de ellas se extrajeron las variables necesarias para estudiar las gestantes que finalmente se diagnosticaron con sífilis. Como resultado de nuestro trabajo encontramos una incidencia de sífilis durante el embarazo de 28,66 x 1 000 gestantes. Existe un elevado porcentaje de gestantes con sífilis en edades comprendidas entre 15 y 19 años, la mayoría pertenecían a la raza negra. Llama la atención la gran proporción de mujeres casadas y con bajo nivel cultural. En cuanto a la categoría ocupacional, predominó el ama de casa y un gran número de casos se diagnosticó en el primer trimestre. Del total de casos, sólo 4 presentaron manifestaciones dermatológicas y 34 recibieron el tratamiento de elección. No se reportó ningún caso de sífilis congénita.A descriptive and retrospective study was conducted at the Department of Sexually Transmitted Diseases of the "Nugyen Van Troi" Teaching Polyclinic from 1993 to 1995, aimed at reducing morbidity and mortality due to sexually transmitted diseases among pregnant women. All the epidemiological surveys applied to pregnant women with positive serology by this Departament were reviewed. All the variables necessary to study these women who finally had a syphilis diagnosis were used. As a result of our work we found an incidence of syphilis during pregnancy of 28.66 x 1 000 pregnant women. There is a high percentage of syphilis at ages between 15 and 19 years. Most of them are black women. The number of married women with low cultural

  18. Alteraciones microcirculatorias durante el choque séptico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aracelis E. Dorado Lambert

    1999-12-01

    Full Text Available Teniendo en cuenta que la microcirculación es el sitio de mayor afectación durante el choque séptico, se hizo una revisión bibliográfica de las principales alteraciones que se producen en ella como resultado de esa agresión. Los cambios descritos comienzan por una dilatación de las pequeñas arteriolas del músculo esquelético, como respuesta a mediadores inflamatorios presentes en el choque séptico; pero dado el gran volumen microvascular del músculo esquelético, esta vasodilatación arterioral disminuye la resistencia vascular periférica total, a pesar de lo cual, en regiones como el intestino delgado se reduce el flujo sanguíneo y su velocidad, así como también la deformidad de los hematíes, favorecida por la presencia de neutrófilos, el aumento de la permeabilidad del endotelio vascular y una respuesta adrenérgica anormal, que bloquean el flujo sanguíneo microvascular y provocan coagulación intravascular diseminada, edema y hemorragia en varias partes de la economía, desencadenantes de la disfunción orgánica múltiple que en mayor o menor medida acompaña al choque séptico.Taking into account that microcirculation is the most affected site in a septic shock, a literature review of the main disturbances occuring in it as a result of this effect was made. The described changes began with a dilation of the small arterioles of the skeletal muscle in response to the inflammatory mediators of septic shock, however, given the high microvascular volume of skeletal muscle, this arteriole vasodilation reduces the total peripheral vascular resistence. In spite of this, a decrease in blood stream and its speed as well as deformity of red cells occur in regions like the small intestine, which is favoured by the action of neutrophiles, increased permeability of vascular endothelium and abnormal adrenergic response that block the microvascular blood flow and cause disseminated intravascular blotting, edema and hemorrhage in several

  19. Vivencias educativas durante la Época Franquista en Zújar

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nazaret Martínez Heredia

    2016-06-01

    Full Text Available Con la realización de este estudio hemos pretendido conocer los testimonios y vivencias educativas durante la época franquista en el municipio de Zújar, situado en la parte noroccidental de la comarca de Baza, en la provincia de Granada. Para ello analizamos cuatro entrevistas en profundidad, utilizando una metodología de carácter cualitativo desarrollando un estudio biográfico-narrativo de corte hermenéutico. Se obtuvieron fotografías e imágenes de objetos de interés por parte de los entrevistados que completaron y complementaron la construcción de la historia de vida y nos proporcionaron una visión más completa del objeto de estudio. Como principales hallazgos destacamos dificultades en la escolarización, grandes situaciones de analfabetismo, épocas de escasez, y, cómo no, la precariedad del sistema educativo en Zújar. Las relaciones intergeneracionales, la realización de las entrevistas, así como su transcripción literaria nos han permitido conocer poco a poco tanto las formas de vida como las necesidades procedentes de una época marcada por la Dictadura. Concluimos con las grandes diferencias existentes, tanto en la escolarización como en la vida cotidiana entre la época actual y la época franquista en España, debemos decir que la construcción del género en la época franquista se realizaba mostrando la relación existente entre mujer y familia, resaltando su papel como educadora de los hijos, ser la mujer perfecta y educada dentro de su hogar… destacando la existencia de un currículum dirigido a las chicas, en el que se impartían asignaturas escolares para las mujeres sobre tareas domésticas con el objetivo de enseñarlas a bordar, coser… Del mismo modo destacamos el peso de la Religión dentro de las escuelas, junto a la necesidad de rezar a la entrada y la salida de la escuela.

  20. Crisis teatral en Madrid durante el Trienio Liberal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernández Cabezón, Rosalía

    2013-06-01

    Full Text Available In the spring and summer of 1820, the Madrid City Hall systematically failed to comply with the Reglamento de Teatros dictated by the Regency in 1812. The directors of the two troupes, Bernardo Gil and Antonio González, attempted in vain to have the constitutional laws enforced. This provoked a serious crisis made worse by the fact that the spectators also showed a preference for other more political venues. The lack of response on the part of the local authorities led the directors to cancel performances for several days in August and to publish a Manifiesto explaining their decision. When, for the following season, the aldermen drew up a new set of regulations which once again contravened the Regency’s Regulations, Bernardo Gil proposed his own Proyecto de Reforma, dated en April of 1821. Apart from a comprehensive proposal for theatrer reform he advances sound arguments defending the actors’ rights as citizens who make an honest living in an honorable profession.El Ayuntamiento madrileño, en la primavera y verano de 1820, incumple sistemáticamente el Reglamento de Teatros aprobado por la Regencia en 1812, por lo cual los directores de las dos compañías cómicas, Bernardo Gil y Antonio González, efectuarán infructuosas gestiones a fin de que el Consistorio aplique las leyes constitucionales, lo que provoca una grave crisis teatral agudizada porque los espectadores prefieren acudir a otros recintos de carácter más político. Ante la falta de respuesta de las autoridades locales los directores suspenden las funciones durante unos días en el mes de agosto y publican un Manifiesto en el que justifican su postura. Para la temporada siguiente los regidores municipales elaboran una normativa que contraviene el ordenamiento teatral de la Regencia, de ahí que Bernardo Gil redacte un Proyecto de Reforma, fechado en abril de 1821, en el que además de una propuesta dramática integral defenderá con sólidos argumentos los derechos que

  1. Anestesia venosa total em regime de infusão alvo-controlada: uma análise evolutiva Anestesia venosa total en régimen de infusión objeto controlada: un análisis evolutivo Total intravenous anesthesia as a target-controlled infusion: an evolutive analysis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernando Squeff Nora

    2008-04-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A anestesia venosa total (AVT sofreu diversos avanços desde o início da utilização da técnica. Desde a síntese dos primeiros anestésicos venosos, com a introdução dos barbitúricos (1921 e do tiopental (1934, a AVT evoluiu até o desenvolvimento da AVT com auxílio de bombas com infusão alvo-controlada (IAC. O primeiro modelo farmacocinético para uso em IAC foi descrito por Schwilden em 1981. Foi demonstrado, a partir daí, que era possível manter a concentração plasmática desejada de um fármaco utilizando-se bomba de infusão gerenciada por computador. CONTEÚDO: Este artigo visou a descrever as bases teóricas da IAC, a apresentar uma proposta de desenvolvimento de um vocabulário comum em IAC ainda não publicado no Brasil e a fazer uma análise crítica dos aspectos atuais da IAC no mundo e no Brasil. CONCLUSÕES: A chegada de novas bombas de infusão dotadas dos modelos farmacocinéticos do remifentanil, sufentanil e propofol inaugura outro capítulo da AVT e alinha o Brasil com a tendência mundial em IAC. Esses sistemas possibilitarão a IAC de hipnóticos e opióides concomitantemente. A conclusão mais importante, no entanto, refere-se à economia à medida que os fármacos utilizados nessas bombas não ficarão restritos apenas a uma empresa farmacêutica, a exemplo do que ocorreu com o propofol. Hoje já se dispõe de equipamentos para utilização de propofol e opióides, em IAC, que aceitam qualquer apresentação farmacêutica com a vantagem da possibilidade de alteração da concentração do fármaco na seringa, de acordo com a diluição desejada.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: La anestesia venosa total (AVT tuvo diversos avances desde el inicio de la utilización de la técnica. Desde la síntesis de los primeros anestésicos venosos, con la introducción de los barbitúricos (1921 y del tiopental (1934, la AVT evolucionó hasta el desarrollo de la AVT con el auxilio de bombas con infusi

  2. Resistencia mecanica, tasa respiratoria y produccion de etileno de caqui 'Fuyu' durante el almacenamiento

    National Research Council Canada - National Science Library

    Dussan-Sarria, Saul; Honorio, Sylvio L; de L. Matias, Melissa

    2008-01-01

    .... En este trabajo fue evaluada la alteracion de la resistencia mecanica a la compresion del caqui 'Fuyu', el comportamiento respiratorio y la evolucion de la produccion de etileno durante el almacenamiento...

  3. Alergia a anestesicos locales y generales y a otros medicamentos durante procedimientos quirurgicos

    National Research Council Canada - National Science Library

    Morato, Fabio F; Ensina, Luis Felipe C; Kase Tanno, Luciana; Lopez, Santiago; Ortega, Maria Claudia

    2010-01-01

    Las reacciones de choque e hipersensibilidad a los anestesicos locales y generales y a otros medicamentos utilizados durante los procedimientos quirurgicos, continuan siendo un reto en la practica clinica...

  4. Estructura administrativa de la Provincia de Bogotá durante el periodo comprendido entre 1832- 1857

    OpenAIRE

    Restrepo Robledo, Luz Marina

    2010-01-01

    El estudio de la estructura administrativa de la provincia de Bogotá en el siglo IX es importante por cuanto se muestra por primera vez cuales fueron los primeros entes administrativos que se crearon durante este periodo, fundamentalmente durante la vigencia de la constitución de 1832. El régimen territorial de las provincias se dividió a su vez en cantones y éstos, en distritos parroquiales.

  5. Bupivacaína racêmica, levobupivacaína e ropivacaína em anestesia loco-regional para oftalmologia: um estudo comparativo Racemic bupivacaine, levobupi vacaine and ropivacaine in regional anesthesia for ophtalmology: a comparative study

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edno Magalhães

    2004-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: A bupivacaína racêmica, utilizada largamente em anestesia peribulbar devido à boa qualidade de bloqueio motor, apresenta menor margem de segurança para cardiotoxicidade em relação a ropivacaína e bupivacaína levógira. O objetivo deste estudo foi comparar o grau de bloqueio motor e alteração da pressão intra-ocular (PIO em anestesia peribulbar produzida pela bupivacaína racêmica, levobupivacaína e ropivacaína. MÉTODOS: Noventa e sete pacientes, estado físico I e II da classificação da Sociedade Americana de Anestesiologistas, submetidos a anestesia peribulbar, foram divididos em três grupos: grupo A-(n=16 bupivacaína racêmica 0,75% com adrenalina 1:200.000; grupo B -(n=16 bupivacaína levógira 0,75% com adrenalina 1:200.000; grupo C -(n=15 ropivacaína 0,75%. Utilizou-se 7ml da solução anestésica com 280 UI de hialuronidase, em punção única no rebordo orbital inferior. Foram registrados a PIO e grau de bloqueio motor 5 minutos antes da punção e 1, 2, 3, 4, 5 e 10 minutos após a punção. O bloqueio motor foi avaliado pela escala de Nicoll. Para a análise estatística, foram utilizados os testes de Wilcoxon, análise de freqüência simples e t de Student. Foi considerado significativo pBACKGROUND AND OBJECTIVE: Racemic bupivacaine, used in peribulbar anesthesia owing to its high potential to promote motor blockade, presents a smaller safety margin for cardiotoxicity in relation to ropivacaine and levobupivacaine. The objective of this study was to compare the degree of motor blockade and alteration of intraocular pressure (IOP produced by racemic bupivacaine, levobupivacaine and ropivacaine in peribulbar block. METHOD: Ninety seven patients, ASA physical status I and II, submitted to peribulbar anesthesia, were randomly allocated into three groups: group A-(n=16 receiving racemic bupivacaine 0.75% with epinephrine 1:200.000; group B -(n=16 levobupivacaine 0.75% with epinephrine 1:200.000; group C -(n=15

  6. Ablação curativa da fibrilação atrial: comparação entre sedação profunda e anestesia geral Curative ablation of atrial fibrillation: comparison between deep sedation and general anesthesia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elizabeth Bessadas Penna Firme

    2012-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Comparar sedação profunda com anestesia geral para ablação curativa de fibrilação atrial. MÉTODOS: Estudo prospectivo, aleatório, com 32 pacientes, idades entre 18 e 65 anos, ASA 2 e 3, IMC d" 30kg/m², distribuídos em dois grupos: sedação profunda (G1 e anestesia geral (G2. Todos receberam midazolan (0,5mg/kg venoso. O G1 recebeu propofol (1mg/kg e máscara facial de O2, seguido da infusão contínua de propofol (25-50mg/kg/min e remifentanil (0,01-0,05µg/kg/min. O G2 recebeu propofol (2mg/kg e máscara laríngea com tubo de drenagem, seguido da infusão contínua de propofol (60-100mg/kg/min e remifentanil (0,06-0,1µg/kg/min. Foram comparados: frequência cardíaca, pressão arterial invasiva, complicações, recidiva (desfecho em três meses e gasometrias. RESULTADOS: Os pacientes do G1 apresentaram gasometrias arteriais com níveis de PaCO2 maiores e pH menores (p=0,001 e maior incidência de tosse. Ocorreu diminuição da PAM e FC no G2. Exceto a tosse, as complicações e recidivas foram semelhantes em ambos os grupos. CONCLUSÃO: Ambas as técnicas podem ser utilizadas para a ablação curativa da fibrilação atrial. A anestesia geral proporcionou menores alterações respiratórias e maior imobilidade do paciente.OBJECTIVE: To compare deep sedation with general anesthesia for curative ablation of atrial fibrillation. METHODS: We conducted a prospective, randomized study with 32 patients, aged between 18 and 65 years, ASA 2 and 3, BMI d" 30kg/m2, divided into two groups: deep sedation (G1 and general anesthesia (G2. All patients received intravenous midazolam (0.5 mg / kg. G1 received propofol (1mg/kg and O2 by facemask, followed by continuous infusion of propofol (25-50mg/kg/min and remifentanil (0.01-0.05 mg / kg / min. G2 received propofol (2mg/kg and laryngeal mask with built-in drain tube, followed by continuous infusion of propofol (60-100mg/kg/min and remifentanil (0.06 to 0.1g/kg/min. We compared heart rate

  7. Manutenção térmica em galinhas domésticas mantidas sob anestesia inalatória com isofluorano Thermal maintenance in chickens under inhalant anesthesia with isoflurane

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriano Bonfim Carregaro

    2008-08-01

    Full Text Available A hipotermia em aves sob anestesia é freqüentemente observada, causando alterações fisiológicas e metabólicas que podem levar ao óbito. O estudo avaliou dois métodos de manutenção térmica em galinhas submetidas à anestesia inalatória com isofluorano. Foram utilizadas seis galinhas, pesando entre 1 e 1,5kg, com idade aproximada de um ano. Os animais foram autocontrole, submetidos a três grupos: controle (GC, não sendo utilizado nada; alumínio (GA, envoltos por papel alumínio comercial; manta (GM, envoltos por uma manta térmica de dupla face de alumínio. Após jejum prévio de quatro horas, as aves foram submetidas à anestesia inalatória por meio de máscara facial com 4V% de isofluorano e mantidas posteriormente com 2V% do mesmo agente inalatório, em um circuito avalvular com umidificador, após intubação endotraqueal. As aves foram mantidas em sala climatizada (26°C e posicionadas em decúbito lateral. As variáveis mensuradas foram a temperatura corpórea, freqüência cardíaca, freqüência respiratória e saturação de oxihemoglobina, nos momentos zero, 5, 15, 30, 45, 60, 75 e 90 minutos. Tanto no GC quando no GM houve hipotermia aos 15 minutos, acentuando-se até o fim das mensurações. No GA a hipotermia só ocorreu após 45 minutos. Houve bradicardia no GC a partir de 15 minutos, no GM a partir de 30 minutos e no GA somente após 60 minutos. Observou-se bradipnéia no GC após 45 minutos e aos 15 e 30 minutos no GA e GM, respectivamente. Ambos os métodos foram eficientes na manutenção térmica, sendo o alumínio mais eficiente devido a menor variação de parâmetros fisiológicos.Hypothermia in birds under general anesthesia is frequently seen, causing physiologic and metabolic alterations that may lead to death. This study evaluated two thermic maintenance methods in chickens under inhalant anesthesia by isoflurane. Six chickens, weighing between 1 and 1.5kg and with approximately one year old, were

  8. Anestesia de cágado-de-barbicha Phrynops geoffroanus Schweigger, 1812 (Testudines com a associação midazolan e propofol - DOI: 10.4025/actascibiolsci.v31i3.674 Anaesthesia of geoffroy’s side-necked turtle Phrynops geoffroanus Schweigger, 1812 (Testudines with the association of midazolam and propofol - DOI: 10.4025/actascibiolsci.v31i3.674

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Andréa Cristina Scarpa Bosso

    2009-07-01

    Full Text Available Os cágados apresentam fisiologia e morfologia únicas, que se diferenciam em muitos aspectos dos mamíferos. Por isso, a monitoração do paciente durante um processo anestésico ou sedativo deve ser realizada, porque dosagens e drogas com resultados benéficos em mamíferos têm-se mostrado inadequados para estas espécies. Foram utilizados dez exemplares de Phrynops geoffroanus, provenientes do rio Uberabinha, no município de Uberlândia, Estado de Minas Gerais (licença RAN/IBAMA nº 035/2006, os quais foram anestesiados com o protocolo midazolan 2 mg kg-1 IM-1 e propofol 10 mg kg-1 IV-1. Os batimentos cardíacos dos exemplares foram monitorados com o aparelho Doppler Vascular Eletrônico nos tempos 0’, 10’, 30’, 60’, 120’ e 180’ pós-anestésico e, durante o período transanestésico, os cágados foram observados em relação aos parâmetros estipulados (locomoção, relaxamento muscular, manipulação, estímulos dolorosos nos membros torácicos e pélvicos. O propofol (10 mg kg-1 IV-1 se mostrou um anestésico de rápida indução, com duração média da anestesia ideal de 66’. O midazolan na dose de 2 mg kg-1 IM-1 foi um pré-anestésico eficiente, promovendo relaxamento muscular e facilidade de manipulação do animal. A associação de anestésicos utilizada obteve bons resultados, promovendo analgesia por um tempo médio de 97’5’’. Não houve significante diminuição da frequência cardíaca e não foi observada apneia nos quelônios anestesiados.Turtles present a unique morphology and physiology and differ in many ways from mammalians. Therefore, anesthetic monitoring of the patient during sedation and anesthesia should be known, because the drugs and the dosages used successfully in mammals may prove to be inadequate in these species. Ten Phrynops geoffroanus were used, from the Uberabinha River, in Uberlândia, Minas Gerais State (license RAN/IBAMA no. 035/2006 which were anesthetized with midazolam (2 mg kg

  9. Valor del ácido épsilon aminocaproico en anestesia cardiovascular pediátrica Value of the aminocaproic epsilon acid in pediatric cardiovascular anesthesia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lincoln de la Parte Pérez

    2005-03-01

    Full Text Available El sangrado persistente luego de la circulación extracorpórea es una de las complicaciones más frecuentes en la cirugía cardiovascular e implica la administración de repetidas transfusiones de sangre, con aumento significativo de la morbilidad y la mortalidad. El enfoque terapéutico de esta complicación incluye diferentes medidas, entre las cuales el suministro de antifibrinolíticos desempeña un importante rol preventivo. Se realizó un estudio en 50 niños con operaciones cardiovasculares bajo circulación extracorpórea, realizadas en el Cardiocentro del Hospital Pediátrico “William Soler” durante el período comprendido entre los meses de enero de 2001 a febrero de 2002. Antes de la circulación extracorpórea se administró 100 mg/kg de ácido épsilon aminocaproico como dosis inicial durante 20 min y se mantuvo luego a razón de 15 mg/kg/h hasta el cierre de la piel. No hubo complicaciones con la administración de este agente, a pesar de que se empleó en dosis altas al inicio. No hubo sangrado prolongado ni evidencia de trastornos significativos de la coagulación, lo cual atribuimos a las medidas preventivas adoptadasThe persistent bleeding after the extracorporeal circulation is one of the most frequent complications in cardiovascular surgery and implies the administration of repeated blood transfusions with a significant increase of morbidity and mortality. The therapeutic approach of this complication includes different measures, among which the administration of antifibrinolytics plays an important preventive role. A study of 50 children that underwent cardiovascular surgery under extracorporeal circulation performed at the Heart Center of “William Soler” Children's Hospital from January 2001 to February 2002, was conducted. 100 mg/kg of aminocaproic epsilon acid were administered before the extracorporeal circulation as an initial dose for 20 min. It was maintained then at a rate of 15 mg/kg/h until the closure of

  10. Cloridrato de tiletamina associado com cloridrato de zolazepam na tranqüilização e anestesia de calitriquídeos (Mammalia, Primates Tiletamine hydrochloride in association with zolazepam hydrochloride for the tranquilization and anesthesia of callitrichids

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    F.G.A. Santos

    1999-12-01

    Full Text Available Utilizou-se a associação de cloridrato de tiletamina (125mg e cloridrato de zolazepam (125mg diluídos em água destilada (10ml como tranqüilizante e anestésico em 38 animais pertencentes às espécies Saguinus imperator imperator (N= 21, Saguinus fuscicollis weddeli (N= 15 e Cebuella pygmea (N=2. Indivíduos de ambos os sexos, com pesos entre 130 e 520g, receberam doses de 0,02ml (1,11mg/kg a 0,15ml (8,33mg/kg pela via intramuscular. Na maioria dos casos ocorreu anestesia. Os animais foram libertados no mesmo dia da captura, após recuperação pós-anestésica. Não ocorreu efeito colateral aparente sobre os fetos de duas fêmeas gestantes. Apesar da morte de um animal jovem, os resultados foram considerados satisfatórios na tranqüilização e anestesia de calitriquídeos.Tiletamine hydrochloride (125mg in association with zolazepam hydrochloride (125mg diluted in distilled water (10ml were used as tranquilizer and anesthetic in 38 individuals of three species of callitrichids: 21 black-chinned emperor tamarins (Saguinus imperator imperator, 15 saddleback tamarins (Saguinus fuscicollis weddeli and 2 pygmy marmosets (Cebuella pygmea. Individuals of both sexes that had weighed between 130g and 520g received doses of 0.02ml (1.11mg/kg to 0.15ml (8.33mg/kg. In most of the cases anesthesia occurred. Marmosets were liberated in the same day of the capture, after we had verified the animal’s rehabilitation. Side effects were not apparent in the fetus of the two pregnant females. Despite the death of an young individual, the results were considered satisfactory to produce tranquillity and anesthesia in callitrichids

  11. Evolução de variáveis hemodinâmicas e perfusionais durante o choque séptico experimental tratado com ressuscitação volêmica guiada por metas Hemodynamic and perfusion variables during experimental septic shock treated with goal-directed fluid resuscitation

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcelo Park

    2011-09-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Apesar da ressuscitação volêmica guiada por saturação venosa central de oxigênio (SvcO2 ser considerada atualmente padrão ouro no tratamento da sepse, poucos estudos caracterizaram o perfil evolutivo de variáveis hemodinâmicas e perfusionais durante esta abordagem terapêutica. Este estudo teve por objetivo descrever evolutivamente estes parâmetros durante o choque séptico experimental sem ressuscitação e após 12 horas de ressuscitação guiada por metas. MÉTODOS: Treze porcos (35-45 kg anestesiados foram submetidos a peritonite por inoculação fecal (0,75g/kg. Após desenvolverem hipotensão persistente, ambos os grupos receberam antibióticos e foram randomizados em dois grupos: controle (n=7, com suporte hemodinâmico otimizado para pressão venosa central entre 8-12mmHg, diurese acima de 0,5ml/kg/h e pressão arterial média maior que 65mmHg; e SvO2 (n=6, com os objetivos acima e SvO2 acima de 65%. As intervenções incluíram ringer lactato e noradrenalina nos 2 grupos e dobutamina no grupo SvO2. Os animais foram tratados durante doze horas ou óbito. RESULTADOS: A sepse não tratada associou-se a uma significante redução da SvO2, PvO2, débito cardíaco e pressão venosa central e aumento da diferença arterio-venosa da saturação de oxigênio e veno-arterial de CO2. Após ressuscitação, esses parâmetros foram corrigidos em ambos os grupos. A ressuscitação guiada por metas associou-se a um melhor perfil hemodinâmico caracterizado por maiores SvO2, débito cardíaco e pressão venosa central. CONCLUSÕES: A sepse não ressuscitada apresenta um perfil hemodinâmico sugestivo de hipovolemia, com piora perfusional e hemodinâmica revertida após ressuscitação volêmica. A ressuscitação guiada por metas associa-se a uma significante melhora dos parâmetros hemodinâmicos e perfusionaisOBJECTIVES: Although fluid resuscitation guided by central venous oxygen saturation (SvcO2 is currently considered the

  12. Anestesia para cirurgia bariátrica: avaliação retrospectiva e revisão da literatura Anestesia para cirugía bariátrica: evaluación retrospectiva y revisión de la literatura Anesthesia for bariatric surgery: retrospective evaluation and literature review

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Airton Bagatini

    2006-06-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: O tratamento cirúrgico para a obesidade mórbida é forma eficaz de manutenção do controle ponderal por longo prazo. O objetivo deste trabalho foi realizar um levantamento das complicações, das comorbidades e dos principais aspectos do manuseio anestésico de pacientes submetidos à cirurgia da obesidade e comparar os resultados com os dados encontrados na literatura. MÉTODO: O trabalho foi realizado por meio de revisão bibliográfica e análise retrospectiva do prontuário dos pacientes submetidos à cirurgia bariátrica entre setembro de 2001 e dezembro de 2004. Todos foram submetidos ao mesmo procedimento, técnica de Capella, por laparotomia, realizada por uma única equipe cirúrgica e no mesmo hospital. RESULTADOS: Houve predomínio de pacientes do sexo feminino, a média de idade foi de 39,6 anos e o índice de massa corporal (IMC médio foi de 44,65 kg/m². A hipertensão arterial sistêmica (HAS foi a doença mais prevalente e as complicações encontradas foram trombose de veia subclávia, infecção pulmonar, bloqueio neuromuscular residual, sangramento gastrintestinal no pós-operatório, obstrução intestinal e deiscência anastomótica. O índice de mortalidade foi de 0,7%. CONCLUSÕES: As doenças como HAS e osteoartrose são muito prevalentes em pacientes obesos. Dentre as complicações do pós-operatório destacam-se as do sistema respiratório. Com isso percebe-se a importância do uso de técnica anestésica e de analgesia pós-operatória, que permita ao paciente a deambulação precoce, bem como a capacidade de respirar e tossir de forma adequada. Observou-se que muitos aspectos da anestesia do paciente obeso já estão definidos como benéficos ou prejudiciais; entretanto, vários assuntos ainda encontram-se indefinidos e cabe estudar e discutir para que se consiga melhorar cada vez mais o manuseio anestésico desses pacientes.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: El tratamiento quirúrgico para la

  13. Incidentes críticos em anestesia no Uruguai - dez anos após: estudo comparativo (1990-2000 Incidentes criticos en anestesia en el Uruguay - diez años después: estudio comparativo (1990 - 2000 Critical anesthetic incidents in Uruguay - ten years after: comparative study (1990-2000

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Manuel da Fonte Bello

    2003-12-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Descreve-se uma pesquisa sobre Incidentes Críticos (IC em Anestesia. Os resultados encontrados em 2000 são comparados aos de 1990, na busca de variações de padrão de IC ao longo da década. MÉTODO: Foram utilizados 2 formulários diferentes. No primeiro (F1, constava uma lista pré-determinada de incidentes críticos para que os pesquisados apontassem com quais tinham tido algum tipo de contato para o estudo de freqüência relativa de cada incidente. No segundo (F2, solicitava-se a descrição de um incidente em particular, a critério do pesquisado. RESULTADOS: No F1 de 2000, foram assinalados 9.482 IC, em que os 13 mais freqüentes constituíram 50% de todas as ocorrências do período. Os resultados foram muito similares aos de 1990, já que dentre os mais freqüentes, 9 repetem-se em ambas as investigações. Os incidentes que alcançaram os primeiro e segundo lugares também se repetem: intubação difícil e disritmia cardíaca. Em F2 foram descritos 20% de IC com conseqüência mortal. Cinqüenta e quatro por cento das mortes deveram-se a 5 IC: parada cardíaca inesperada, tromboembolismo pulmonar, infarto agudo de miocárdio, aspiração de vômito e choque hipovolêmico. Quarenta e seis por cento dos IC foram de origem respiratória e 24% tiveram origem hemodinâmica. Destaca-se um aumento significativo de IC na recuperação e no pós-operatório imediato. A observação clínica do paciente foi responsável pela detecção de 63% dos IC. Comprova-se um aumento substancial dos IC relatados como imprevisíveis. CONCLUSÕES: Manteve-se a diversidade de incidentes críticos com diminuição dos fenômenos respiratórios. Este segue sendo o grupo mais freqüente. Há uma clara redução dos acidentes graves hipóxicos vinculados à intubação esofágica e óxido nitroso como gás único. Manteve-se a gravidade dos incidências hemodinâmicos.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: Se describe la investigación sobre

  14. O tempo e a anestesia obstétrica: da cosmologia caótica à cronobiologia El tiempo y la anestesia obstétrica: de la cosmología caótica a la cronobiología Time and obstetric anesthesia: from chaotic cosmology to chronobiology

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nilton Bezerra do Vale

    2009-10-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Ciclos temporais (claro/escuro; nascer/morrer, etc. ao lado de condições ambientais (sincronizadores influenciam a fisiologia do parto em função da existência de relógios endógenos (osciladores que interagem com pistas sociais diuturnas. Nesta revisão foram ordenados os parâmetros anestésico-obstétricos cíclicos mais importantes no atendimento à parturiente. CONTEÚDO: Análise cronobiológica dos principais eventos da fisiopatologia obstétrica da Mulier sapiens: I Período da embriogênese - risco de teratogênese; II Da prematuridade ao pósdatismo: do parto eutócico à cerclagem uterina; III A noite e o parto: maior incidência noturna do parto (facilitação fisiológica e diurna da cesariana (opção do obstetra; IV A lua e o parto - resultado não conclusivo; V plantão noturno na Anestesia Obstétrica: contingência profissional de mais riscos; VI Tempos da cesariana: retirada fetal: tempo UD (uterotomy - delivery o mais curto possível; correção eficaz de hipotensão arterial e valorizar o tempo de jejum pré-anestésico; VII Variação circadiana da distócia: dor; contração uterina; perda sanguínea; hipertensão arterial sistêmica (HAS; risco de alergia e asma brônquica. Na fase noturna há maior intensidade de contração e maiores riscos de hemorragia, de alergia e de asma. Em contraponto, há ausência de variação circadiana da HAS na eclâmpsia; VIII Cronofarmacologia obstétrica: anestésicos locais, analgésicos, hipnóticos, anestésicos gerais e bloqueadores neuromusculares. A cronergia explica o pico analgésico matinal dos opioides, vespertino dos anestésicos locais e noturno dos anestésicos gerais inalatórios. CONCLUSÕES: A abordagem cronobiológica do atendimento anestésico ao parto na maternidade enfatiza a importância obstétrica da ritmicidade circadiana na humanização e segurança do parto.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: Ciclos temporales (claro/oscuro; nacer

  15. La misurazione dei processi di regolazione cognitiva e metacognitiva durante lo studio con gli ipermedia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roger Azevedo

    2010-01-01

    Full Text Available L’apprendimento autoregolato rappresenta una modalità di apprendimento di fondamentale importanza quando ci si avvale del supporto di ambienti ipermediali. Obiettivo di questo articolo è presentare quattro assunzioni chiave che consentono la misurazione dei processi cognitivi e metacognitivi attivati durante l’apprendimento tramite ipermedia. Innanzi tutto, assumiamo che sia possibile individuare, tracciare, modellare e favorire processi di apprendimento auto-regolato durante lo studio con gli ipermedia. La seconda assunzione si focalizza sul comprendere come la complessità dei processi regolatori che avvengono durante l’apprendimento mediato da sistemi ipermediali sia importante per determinare il perché alcuni processi vengono messi in atto durante l’esecuzione di un compito. Le terza assunzione è relativa al considerare che l’utilizzo di processi di apprendimento auto-regolato possa dinamicamente cambiare nel tempo e che tali processi sono di natura ciclica (influenzati dalle condizioni interne ed esterne e da meccanismi di feedback. Infine, l’identificazione, raccolta e classificazione dei processi di apprendimento autoregolato utilizzati durante lo studio con sistemi ipermediali, può risultare un compito alquanto difficoltoso.

  16. El Movimiento Estudiantil español durante el Franquismo (1965-1975

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Miguel Gómez Oliver

    2012-10-01

    Full Text Available Procede-se neste artigo a uma caracterização do movimento estudantil universitário espanhol durante as décadas de 1960 e 1970, observando-o enquanto instrumento fundamental na criação de espaços de liberdade na Espanha franquista, analisando o seu desenvolvimento orgânico, a sua capacidade para alimentar o desenvolvimento de uma cultura de debate, e examinando o papel que desempenhou na aprendizagem de práticas democráticas que depois foram transplantadas para outros ambientes sociais e políticos, tanto durante a fase final de afirmação da oposição antifranquista como mais tarde, durante a fase de transição para a democracia.

  17. Uso de bordes de cultivo por aves durante invierno y primavera en la Pampa Austral

    OpenAIRE

    Leveau, Lucas M.; Carlos M. Leveau

    2011-01-01

    La variación estacional de los ensambles de aves de los bordes de cultivo ha sido poco estudiada. El objetivo de este trabajo es analizar el uso de diferentes tipos de bordes de cultivo durante invierno y primavera en el sudeste de la provincia de Buenos Aires, Argentina. Se registró un mayor uso de los bordes durante primavera, aunque en invierno algunas especies hicieron un mayor uso del interior de los campos. Los bordes con arboledas y de pastizal fueron los más utilizados en ambas estaci...

  18. Deporte espectáculo en España durante el Siglo de Oro

    OpenAIRE

    Ramírez Macías, Gonzalo

    2007-01-01

    El objetivo de esta investigación es conocer y caracterizar el deporte espectáculo en España durante el Siglo de Oro. La primera parte de este artículo está dedicada a contextualizar y justificar la investigación. En segundo lugar, se expone el método de investigación utilizado. En tercer lugar, se presentan y analizan los resultados obtenidos, que demuestran la existencia del deporte espectáculo en España durante los siglos XVI y XVII. En cuarto lugar, se comparan los re...

  19. Deporte espectáculo en España durante el Siglo de Oro

    OpenAIRE

    Gonzalo Ramírez Macías

    2007-01-01

    El objetivo de esta investigación es conocer y caracterizar el deporte espectáculo en España durante el Siglo de Oro. La primera parte de este artículo está dedicada a contextualizar y justificar la investigación. En segundo lugar, se expone el método de investigación utilizado. En tercer lugar, se presentan y analizan los resultados obtenidos, que demuestran la existencia del deporte espectáculo en España durante los siglos XVI y XVII. En cuarto lugar, se comparan los resultados de este estu...

  20. Efectos estructurales en el transporte de materia durante el secado de frutas

    OpenAIRE

    Nieto, Andrea Bibiana

    2004-01-01

    El secado comercial de frutas involucra usualmente tratamientos de presecado (escalcado y deshidratación osmótica utilizando azúcares) dirigidos ya sea a mejorar la calidad del producto final o a mejorar la cinética de secado. La literatura sobre el efecto de estos tratamientos en la velocidad de transporte de humedad durante el secado convencional es aparentemente contradictoria. Ello puede atribuirse a la complejidad del proceso simultáneo de transferencia de calor y de masa durante el seca...

  1. Aspectos metacognitivos durante la resolución de problemas en aulas de primaria

    OpenAIRE

    Ramos, M; Vicente, S.; Rosales, J.; Sastre, S.

    2016-01-01

    La interacción maestro-alumnos cuando resuelven problemas en el aula es un aspecto de gran interés dada la relevancia de esta tarea en el desarrollo de la Competencia Matemática. En este sentido, se han realizado minuciosos estudios para analizar los procesos generados durante dicha interacción (p.e: razonamiento). Este trabajo analiza los procesos metacognitivos explicitados durante la resolución conjunta entre maestro-alumnos de problemas con diferente nivel de dificultad. Para ello, se gra...

  2. Lectores y textos escolares durante la primera mitad del siglo XX en Colombia

    OpenAIRE

    Diana Paola Guzmán Méndez; Paula Andrea Marín Colorado

    2016-01-01

    Este artículo presenta algunos aspectos de la historia de la lectura en Colombia durante la primera mitad del siglo XX, así como la caracterización de algunas prácticas lectoras que se hicieron evidentes durante el mismo período. Los intelectuales de los gobiernos de la República Liberal actuaron como agentes culturales claves para ejecutar diversas campañas que coadyuvaron en la ampliación del público lector, entre ellas, los programas de alfabetización, la creación de bibliotecas y misiones...

  3. Comida basura durante la gestación. Influencia en la salud de la descendencia

    OpenAIRE

    Gila Díaz, Andrea

    2017-01-01

    Trabajo fin de grado en Enfermería Introducción: la programación fetal incumbe a las adaptaciones ocurridas en el feto en respuesta a estímulos desfavorables en el ambiente intrauterino como la ingesta de comida basura durante el periodo gestacional. Esto ocurre en un momento crucial del desarrollo fetal en el que se precisa mayor aporte de nutrientes. Objetivos: examinar las consecuencias de la programación fetal y la ingesta de comida basura durante la gestación en la salud de la desc...

  4. TRANSACCIONES INMOBILARIAS REALIZADAS EN COSTA RICA DURANTE EL PERIODO 1800-1850

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Montero

    2011-08-01

    Full Text Available Este artículo es un breve informe del proceso de elaboración de una base de datos histórica que contempla todas las transacciones de bienes inmuebles durante la Costa Rica de la primera mitad del siglo XIX. En el mismo se explica paso a paso el proceso de elaboración y la estructura de la Base de Datos “Transacciones inmobiliarias en Costa Rica durante 1800-1850”, la metodología, su importancia, sus aportes y limitaciones.

  5. España y Argentina durante la Segunda Guerra Mundial

    OpenAIRE

    Mónica Quijada

    1994-01-01

    Es evidente que las relaciones con la Argentina no fueron las más decisivas mantenidas por España durante la segunda guerra mundial; lo mismo puede afirmarse desde la perspectiva de ese país hispanoamericano. Más obvio aún resulta el hecho de que ni el desarrollo, ni el resultado de la contienda dependieron en ningún momento de los contactos hispano- argentinos, ni tan siquiera fueron influidos por éstos. No obstante, durante el período de la guerra y muy particularmente des...

  6. COMPARTIMENTACIÓN INTERCELULAR DEL ACETATO EN NEURONAS Y ASTROCITOS DURANTE LA PRELACTANCIA

    OpenAIRE

    Tovar Franco, J.; Laboratorio de Neurobioquímica, Departamento de Nutrición y Bioquímica, Facultad de Ciencias, Pontificia Universidad Javeriana, Bogotá; Saavedra, F.; Laboratorio de Neurobioquímica, Departamento de Nutrición y Bioquímica, Facultad de Ciencias, Pontificia Universidad Javeriana, Bogotá

    2005-01-01

    Durante el período perinatal el cerebro utiliza sustratos alternativos a la glucosa para mantener su desarrollo, pues en este momento sus niveles están disminuidos. El acetato es metabolizado por las neuronas y los astrocitos durante la prelactancia. La utilización del acetato por estas células puede verse mejorada por las reacciones fijadoras de CO2, algunas de las cuales participan en el mantenimiento de los intermediarios del TCA, que son reducidos por la producción y liberación de aminoác...

  7. O Conhecimento de diferenças raciais pode evitar reações idiossincrásicas na anestesia? El conocimiento de diferencias raciales puede evitar reacciones idiosincrásicas en la anestesia? Could the understanding of racial differences prevent idiosyncratic anesthetic reactions?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nilton Bezerra do Vale

    2003-04-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: No campo da variabilidade inter-étnica da resposta de drogas anestésicas e adjuvantes existem várias questões sem resposta. Estamos na iminência de sermos capazes de identificar diferenças raciais herdadas que podem prever a resposta de cada paciente aos anestésicos pelo atual desenvolvimento farmacogenético. CONTEÚDO: O conhecimento de fatores inter-étnicos que alteram a resposta à droga permitirá ao anestesiologista evitar reações idiossincrásicas: (1 Branco caucasiano - aumento do efeito diurético da dopamina; apnéia prolongada após succinilcolina ou mivacúrio; arritmias cardíacas após uso de halotano e catecolaminas na síndrome de Riley-Day; ataques agudos de porfiria após tiopental. (2 Negro americano: diferentes abordagens terapêuticas, hipertensão arterial essencial advêm da pior resposta aos anti-hipertensivos de IECA, inibidores do AT1, bloqueadores beta e à clonidina, contrastando com a melhor resposta anti-hipertensiva dos diuréticos, antagonistas de canais de cálcio e clarvedilol; ação vasodilatadora atenuada do isoproterenol (beta2 e uma maior resposta vasodilatadora à nitroglicerina sublingual; menor ação fibrinolítica do t-PA; recuperação mais lenta da anestesia venosa pela associação de remifentanil e propofol; menor glicuronidação do paracetamol e menos analgesia da codeína nos fracos metabolizadores (CYP2D6; a melanina retarda o início da analgesia epidérmica do creme anestésico EMLA; menor midríase pela adrenalina; maior broncoespasmo à metacolina em crianças asmáticas; deficit da G-6-PD nas hemácias eleva o risco de hemólise a drogas oxidativas (10% da população negra. (3 Asiáticos: alterações cinéticas tóxicas da meperidina e codeína; maior duração da ansiólise do diazepam; espasmo coronariano pela injeção de metilergonovina no pós-parto; inter-relação do receptor GABA, das desidrogenases e do comportamento de beber nip

  8. Comparação entre a dor provocada pela facoemulsificação com anestesia tópica e a pela infiltração peribulbar sem sedação Comparison between the pain induced by phacoemulsification with topical anesthesia and by peribulbar anesthesia without sedation

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roberto Pinto Coelho

    2005-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Comparar a sensação de dor produzida pela realização de facoemulsificação com anestesia tópica com a induzida pela infiltração peribulbar de solução anestésica. MÉTODOS: Usando-se uma escala visual análoga de dor de 10 níveis, mediu-se em 20 pacientes, a dor provocada pela realização de facoemulsificação com anestesia tópica (tetracaína 2%. A mesma escala foi usada para medir em 21 outros pacientes, a dor provocada pela infiltração peribulbar de solução anestésica (lidocaína a 2% e bupivacaína 0,5%. As infiltrações peribulbares e cirurgias foram feitas pelo mesmo cirurgião. As facoemulsificações foram realizadas com acesso "clear cornea" e implante de lente intra-ocular dentro do saco capsular. Não foi administrada qualquer medicação venosa ou via oral. Os valores de dor nos dois grupos estudados foram comparados pelo teste, não paramétrico, de Mann-Whitney U. RESULTADOS: A distribuição dos valores de dor da facectomia com anestesia tópica variou de 0 a 5, com mediana igual a 2. Com a infiltração peribulbar a distribuição obtida foi mais ampla, de 0 a 7, com mediana igual a 3. O teste de Mann-Whitney U, revelou que o "rank" médio do grupo da cirurgia com anestesia tópica (15,78 foi significantemente diferente do obtido com a infiltração peribulbar (25,98 (p=0,0056. CONCLUSÃO: Quando não se emprega sedação, a sensação de dor induzida pela realização da cirurgia da facoemulsificação com anestesia tópica é menor do que a causada pela anestesia peribulbar.PURPOSE: To compare pain sensation induced by phacoemulsification with topical anesthesia with that by peribulbar anesthesia, without sedation. METHODS: Using a 10-level visual pain analogue scale, the pain induced by phacoemulsification with topical anesthesia (2% tetracaine drops was measured in 20 patients. The same scale was used to measure the pain induced by peribulbar anesthesia (2% lidocaine and 0.5% bupivacaine in 21

  9. Traitement de la neuromyélite optique de Devic durant de la grossesse

    National Research Council Canada - National Science Library

    Daouda Moussa Toudou; Obenda Norlin Samuel; Assadeck Hamid; Camara Diankanagbe; Djibo Fatimata Hassane

    2016-01-01

    ... la sclérose en plaques ou polyarthrite rhumatoïde, la grossesse n’exerce aucune influence sur l’activité de la neuromyélite optique d’où la nécessité d’instaurer un traitement de fond durant toute la grossesse...

  10. PSA (:60) Cuide su salud emocional durante una emergencia (Coping With Disaster)

    Centers for Disease Control (CDC) Podcasts

    2017-10-25

    Este anuncio de servicio público de 60 segundos habla sobre cómo cuidar su salud emocional durante una emergencia.  Created: 10/25/2017 by Centers for Disease Control and Prevention (CDC).   Date Released: 10/25/2017.

  11. Complicações pós-operatórias menores relacionadas à anestesia em pacientes de cirurgias eletivas ginecológicas e ortopédicas em um hospital universitário de Kingston, Jamaica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ingrid Tennant

    2012-04-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: As complicações anestésicas pós-operatórias menores podem aumentar o desconforto e a insatisfação do paciente e retardar sua recuperação. Este trabalho procurou determinar a frequência das complicações menores relatadas nas primeiras 48 horas do período pós-operatório por pacientes de cirurgias eletivas (ginecológicas e ortopédicas no University Hospital of the West Indies, Jamaica. A satisfação geral com os cuidados anestésicos e os possíveis fatores de risco para desenvolver complicações também foram avaliados. MÉTODOS: Um estudo prospectivo e descritivo de coorte foi realizado por meio de entrevistas com pacientes operados 24 e 48 horas após a anestesia. Os dados foram analisados usando SPSS versão 12 e avaliados pelo teste do χ2-quadrado e modelos de regressão logística múltipla. RESULTADOS: Foram incluídos 505 pacientes, sendo 374 do sexo feminino (74%. A maioria era ASA I (55% ou ASA II (38% e foi submetida à anestesia geral (80%. Um total de 419 (83% pacientes relataram pelo menos uma complicação pós-operatória. As complicações mais relatadas foram dor de garganta (44%, náusea (30%, vômito (24% e tromboflebite (20%. A moda do Índice de Classificação Numérica Verbal (ICNV para cada complicação variou entre 2 e 5, sugerindo que a maioria não causa desconforto grave. Idade inferior a 45 anos (OR 2,22, IC de 95% 1,34-3,69, p = 0,002 e sexo feminino (OR 3,64, IC de 95% 2,14-6,20, p < 0,001 foram identificados como variáveis independentes significativas. A maioria dos pacientes considerou sua experiência anestésica como excelente (51% ou muito boa (22%. CONCLUSÃO: Este estudo mostrou uma incidência relativamente alta de complicações menores pós-operatórias (83%, mas baixa gravidade dos sintomas relatados e um alto grau de satisfação geral. Deve ser dada atenção especial à redução dessas complicações menores por meio de técnicas anestésicas mais

  12. Cirurgia de estrabismo ajustável no peroperatório com anestesia tópica em pacientes com orbitopatia de Graves Intraoperative adjustable strabismus surgery under drop anesthesia in patients with Graves' orbitopathy

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patrícia Grativol Costa

    2008-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Descrever as características clínicas pré-operatórias dos pacientes com estrabismo secundário à orbitopatia de Graves e os resultados da cirurgia com anestesia tópica e sutura ajustável. MÉTODOS: Estudo retrospectivo realizado no Hospital das Clínicas da Universidade de São Paulo. Foram pesquisados os prontuários de todos os pacientes atendidos no ambulatório de estrabismo no período de março de 1994 a maio de 2004. Destes, foram separados aqueles com estrabismo associado à orbitopatia de Graves submetidos à cirurgia ajustável com anestesia tópica. As características clínicas pré-operatórias e os resultados cirúrgicos foram levantados a partir desta análise. RESULTADOS: Foram incluídos 13 pacientes. O tipo de desvio mais freqüentemente encontrado foi esotropia com hipotropia. Em 9 pacientes modificou-se o retrocesso programado no pré-operatório. Três casos necessitaram de uma segunda cirurgia. Após 6 meses de seguimento, 8 dos 13 pacientes estavam ortotrópicos ou com foria pequena e com algum grau de estereopsia. CONCLUSÃO: Neste estudo observou-se que 62% (8/13 dos pacientes apresentavam hipotropia com esotropia, provavelmente por causa do comprometimento associado do reto inferior e reto medial. Nove dos 13 pacientes necessitaram de ajuste no peroperatório e apenas 3 foram reoperados, indicando a importância da técnica ajustável para melhor alinhamento ocular no pós-operatório, possibilitando obter resultados mais satisfatórios.PURPOSE: To report the clinical features of strabismus associated with Graves' orbitopathy, and the results of surgery with adjustable suture under drop anesthesia. METHODS: The charts of 13 patients who had surgical treatment for strabismus related to Graves' orbitopathy at Hospital das Clínicas of University of São Paulo were retrospectively reviewed. Ocular motility, sensorial examination and the follow-up after strabismus correction were studied. RESULTS

  13. Retinol sérico en mujeres mexicanas urbanas durante el periodo perinatal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Casanueva Esther

    1999-01-01

    Full Text Available OBJETIVO. Establecer la prevalencia de deficiencia de vitamina A durante el embarazo y la lactancia en un grupo de mujeres mexicanas urbanas. MATERIAL Y MÉTODOS. Se invitó a participar a un grupo de gestantes que acudían a control prenatal, que carecían de patología agregada y contaban con menos de 20 semanas de embarazo. Fueron evaluadas tres veces durante el embarazo y hasta la semana 24 del posparto. La determinación de vitamina A en suero se realizó por cromatografía de líquidos de alta presión. Se consideró como punto de corte para riesgo de deficiencia una concentración de retinol < 1.05 µmol/L. RESULTADOS. En las tres evaluaciones durante la gestación las concentraciones de vitamina A fueron de 2.34±0.70, 2.41±1.03 y 1.86±0.66 µmol/L, respectivamente, lo cual muestra una disminución significativa. Sin embargo, sólo 1/30 se ubicó por debajo del punto de corte aceptado para considerar riesgo de deficiencia y ninguno para deficiencia. Durante el posparto las concentraciones se conservaron relativamente constantes, alrededor de 2.10 µmol/L. La práctica de la lactancia no tuvo impacto sobre las concentraciones séricas de retinol, no así la pérdida de peso. CONCLUSIONES. En la población estudiada no se documentaron casos de deficiencia de vitamina A durante el periodo perinatal. La pérdida de peso materna tiene influencia sobre las concentraciones de retinol en el posparto.

  14. La incineració funerària a Sardenya durant l'Edat de Bronze

    OpenAIRE

    Malgosa Morera, Assumpció

    2008-01-01

    Els últims estudis arqueològics indicaven que fins a l'arribada de la cultura fenícia al Mediterrani Occidental (s. IX a.C), la inhumació semblava ser l'única pràctica funerària durant la prehistòria de Sardenya. Ara, la història podria reescriure's degut a una recent excavació duta a terme a la Tomba IX de Sa Figu, prop de la ciutat italiana de Sassari. Mitjançant una anàlisi física-química de la combustió dels ossos trobats a la necròpoli s'ha demostrat que sí s'utilitzava el foc durant els...

  15. Del valle al cerro: el sitio del Cerro Zapotecas durante el Epiclásico

    OpenAIRE

    Salomón Salazar, María Teresa

    2008-01-01

    El objetivo de esta tesis es definir qué tipo de asentamiento era el Cerro Zapotecas durante el periodo Epiclásico (600-900 d.C.), ubicado a escasos tres kilómetros de Cholula. Los antecedentes de investigación en este sitio lo señalan como un centro focal de las actividades del valle de Puebla-Tlaxcala durante la transición del Clásico al Posclásico. Esta investigación llevó a cabo un nuevo recorrido de superficie con el cual se documentó la composición arquitectónica y ...

  16. Los cuatro Ministros de Asuntos Exteriores de Franco durante la Segunda Guerra Mundial

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Javier Tusell Gómez

    1994-01-01

    Full Text Available A la hora de abordar la posición española ante la segunda guerra mundial ha sido bastante habitual la personalización de la misma en la figura de Franco. De acuerdo con esta interpretación resultaría que el Jefe del Estado habría guiado en exclusiva la política exterior durante este período y que lo cambios ministeriales producidos durante el mismo habrían sido el indicio de la elección de un rumbo diferente por parte suya. De acuerdo con ella, además, la función de los ministros habría sido tan sólo instrumental y el propósito de Franco habría sido único y siempre el mismo: el mantenimiento de la neutralidad española.

  17. Lectores y textos escolares durante la primera mitad del siglo XX en Colombia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Diana Paola Guzmán Méndez

    2016-01-01

    Full Text Available Este artículo presenta algunos aspectos de la historia de la lectura en Colombia durante la primera mitad del siglo XX, así como la caracterización de algunas prácticas lectoras que se hicieron evidentes durante el mismo período. Los intelectuales de los gobiernos de la República Liberal actuaron como agentes culturales claves para ejecutar diversas campañas que coadyuvaron en la ampliación del público lector, entre ellas, los programas de alfabetización, la creación de bibliotecas y misiones culturales. Dentro de estas campañas de alfabetización, se hicieron presentes importantes cambios en el diseño y empleo de los materiales para la enseñanza de la lectura que apuntaron a la diferenciación entre lectores rurales y urbanos.

  18. Sempre connessi: il media multitasking a lezione e durante lo studio

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gisella Paoletti

    2015-07-01

    Full Text Available In questa ricerca abbiamo chiesto a 100 studenti universitari di descrivere le modalità d’uso dei propri strumenti tecnologici nei diversi contesti di studio e durante le lezioni in aula. Le risposte ottenute hanno evidenziato un uso esteso e continuo del cellulare per scrivere e rispondere a messaggi, sia a lezione sia durante le attività di studio. Nel gruppo di studenti da noi incontrati risulta essere diffusa l’opinione che fare multitasking, in particolare tramite la ricezione/produzione di messaggi, non abbia effetti sulla qualità dell’apprendimento, ma solo sul tempo dello studio. I partecipanti dichiarano di preferire ambienti privi di distrazioni, ma attribuiscono una valenza positiva alla possibilità di rimanere in relazione continua con la propria rete di contatti.

  19. Proteólise em queijo tipo Prato durante a maturação

    OpenAIRE

    Vera Lúcia Signoreli Baldini

    1998-01-01

    A proteólise é provavelmente o fenômeno mais importante que ocorre durante a maturação da maioria dos tipos de queijos e influencia fortemente suas características de aroma, sabor e textura. Neste trabalho estudou-se a aplicação de diferentes técnicas analíticas para extração e determinação dos compostos nitrogenados liberados durante a maturação do queijo Prato, compostos esses indicadores da extensão e da profundidade da maturação. Complementando esses estudos, utilizou-se métodos mais espe...

  20. Insetos coletados durante o Projeto Maracá, Roraima, Brasil: Lista complementar.

    OpenAIRE

    Rafael, J. A.

    1991-01-01

    Uma lista da isentos coletados durante o projeto Marscá é apresentada. Os seguintes táxons são listados: Neuroptera (Corydalidae, Mantispidae, Ascalaphidade, Coniopterygidae, Sisyridade, Myrmeleontidae e a Chrysopidae); Coleoptera (Cerambycidae) e Diptora (Stratymyiidae, Asilidade, Bombyliidae, Dolichopodidae., Neriidae, Tephritidae., Milichiidae, Chloropidae, Otitidae, Richardiidae., Platystomatidae, Ropalomeridae, lo chaeidae e Clusiidae). Apresenta-se também uma Lista da Orthoptera: Acrido...

  1. El alto clero gaditano durante. El antiguo régime (1600-1883

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Arturo MORGADO GARCÍA

    2009-12-01

    Full Text Available RESUMEN: Estudio de los miembros del cabildo catedralicio gaditano durante los siglos XVII, XVIII y los primeros años del XIX en todas sus vertientes: sociología, poder económico, cultura y mentalidad.ABSTRACT: Analysis of the members of the chapitre of Cadix during the XVIIth, XVIIIth and the first years of the XIXth century. We study his sociology, economic power, culture and mentality.

  2. Escurecimento interno de pêra asiática 'Ya Li' durante o armazenamento refrigerado

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    BRACKMANN AURI

    2002-01-01

    Full Text Available A pêra 'Ya Li' apresenta escurecimento da polpa poucos dias após o armazenamento refrigerado. Este trabalho objetivou avaliar condições de armazenamento visando a diminuir os danos pela baixa temperatura inicial em peras 'Ya Li'. As condições iniciais estabelecidas foram: 1 0ºC; 2 5ºC, nos 10 primeiros dias, com redução de 0,7ºC por dia, durante sete dias; 3 10ºC nos 10 primeiros dias, com redução de 1,4ºC por dia, durante sete dias; 4 10º C nos 10 primeiros dias, com redução de 1,4ºC por dia, durante sete dias, sempre em atmosfera controlada (2,0kPa de O2 e < 1,0kPa de CO2; 5 10ºC nos 10 dias iniciais, com posterior exposição direta dos frutos a 0ºC. Em seqüência aos tratamentos iniciais, os frutos foram submetidos ao armazenamento refrigerado a 0ºC, com exceção do tratamento "4" que foi mantido continuamente em atmosfera controlada. Após 52 dias de armazenamento, verificou-se escurecimento interno, superior a 68% em todos os tratamentos. As temperaturas mais elevadas, no início, não evitaram a ocorrência do escurecimento durante o armazenamento.

  3. MANIFESTACIONES DE VIOLENCIA EXPLÍCITA O EVIDENTE DURANTE EL DESARROLLO DEL RECREO ESCOLAR

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jenny María Artavia Granados

    2012-01-01

    Full Text Available Este artículo es producto de un proceso de investigación realizado en una escuela de la Dirección Regional de Educación Occidente. Su finalidad fue determinar si en el intervalo de los recreos de la escuela en estudio, se suscitaban manifestaciones de violencia escolar explícita entre estudiantes de IV, V y VI año del II Ciclo de la Educación General Básica. Durante el desarrollo del estudio, se tomaron en cuenta aspectos relacionados con las actividades lúdicas y las interacciones personales que se presentaban en estos espacios escolares. Sobre todo, los que podrían propiciar violencia escolar explícita; los mecanismos de prevención y estrategias empleadas por la escuela para contrarrestar la violencia escolar; también el nivel de integración del personal docente y administrativo de la escuela durante el periodo de los recreos. Asimismo, se plantearon algunas conclusiones entre las que destacan que un alto porcentaje de niños y niñas manifiesta que existen enfrentamientos entre estudiantes, durante el desarrollo de los recreos, y que estos se perciben a través de comportamientos de violencia tanto física como verbal. Las manifestaciones de violencia más comunes son peleas, golpes así como el uso de un lenguaje soez y ofensivo. Los motivos de los enfrentamientos varían según el nivel escolar entre el estudiantado. Los mecanismos empleados por la escuela para contrarrestar la violencia que se suscita durante los recreos, se basan en el uso de procedimientos sancionadores y la aplicación de medidas preventivas.

  4. Comportamiento del Consumidor Receptor del Regalo durante el Proceso de Toma de Decisiones

    OpenAIRE

    Jorge Aníbal Cruz Cárdenas

    2010-01-01

    El comportamiento del consumidor receptor del regalo ha sido poco estudiado. En la presente investigación se realizó entrevistas a profundidad a 24 jóvenes universitarios, obteniendo 153 acontecimientos de regalos en los que participaron como receptores. Surgieron cuatro formas de actuación del receptor durante el proceso de compra del regalo: Colaborar con el dador, manipular al dador, influir de forma no deliberada y no influir en modo alguno. Estos patrones de a...

  5. Manifestaciones cardiacas del dengue. Reporte de una serie de casos durante la epidemia colombiana de 2010

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Clara Saldarriaga G., MD

    2013-11-01

    Conclusión: La incidencia de las complicaciones cardiacas asociadas a la infección por dengue varía de una serie a otra y su fisiopatología no se conoce por completo. Durante la epidemia que se desató en Colombia en 2010 se encontraron pocos casos de manifestaciones cardiovasculares pero con una morbilidad importante que debe alertar respecto a su identificación temprana.

  6. EVOLUÇÃO DA COR DURANTE A MATURAÇÃO DAS UVAS TINTAS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gilberto Massashi Ide

    1993-08-01

    Full Text Available Foram feitos estudos de tonalidade e intensidade de cor na película e na polpa durante o desenvolvimento e a maturação da uva das cultivares Cabernet Sauvignon, Cabernet Franc, Merlot, Pinot Noir (Vitis vinifera e Isabel (Vitis labrusca nas safras de 1990 e 1991. A tonalidade na película diminuiu acentuadamente no início do desenvolvimento das bagas estabilizando-se após a "veraison". As boas condições climáticas (baixa precipitação pluviométrica e umidade, alta insolação da safra de 1991 tiveram pouca influência sobre a tonalidade. A intensidade de cor na película aumentou durante a maturação da uva e as condições climáticas de 1991 propiciaram maior intensidade nas cultivares Cabernet Sauvignon, Cabernet Franc e Merlot pouco influindo, no entanto, nas cultivares Pinot Noir e Isabel. Na polpa houve estabilidade da intensidade de cor, porém, a tonalidade apresentou-se variável com tendência a estabilizar-se durante a maturação.

  7. Narrativas de la corporeidad en ciclistas colombianos durante su proceso formativo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Javier Anzola-Moreno

    2016-09-01

    Full Text Available Introducción. El cambio de paradigmas del cuerpo en el deporte, del cuerpo máquina al embodiment del deportista, requiere comprender el cuerpo vivido, la experiencia encarnada del ciclista, durante su proceso formativo. Objetivo. Comprender el sentido y significado de la corporeidad de ciclistas profesionales colombianos durante su proceso formativo. Materiales y métodos. El estudio fue cualitativo de tipo histórico-hermenéutico, por medio de biografía con entrevista abierta a cuatro ciclistas profesionales colombianos, tres hombres y una mujer nacidos entre 1987 y 1990. Se utilizó el software Atlas Ti 7.0. La categoría principal de análisis fue el embodiment desde las potencialidades y los desgastes. Resultados. Se identificaron potencialidades y desgastes en la corporeidad de los ciclistas durante el proceso formativo. Las categorías relacionadas con la corporeidad de los ciclistas fueron: historicidad del proceso formativo, soporte, orientación, entorno, causas y efectos. El sistema categorial permitió identificar las tendencias, relacionar las categorías e interpretar la corporeidad como expresión del cuerpo vivido. Conclusión. La corporeidad narrada significa la vida de los ciclistas y da sentido a sus vivencias en la identidad del cuerpo ciclista. Se debe reconocer el cuerpo vivido como expresión única de lo humano en movimiento y su abordaje desde la determinación social.

  8. Mecanismos de licuación y flujo de suelos granulares durante sismos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adolfo Alarcón Guzmán

    2011-02-01

    Full Text Available Una amplia evidencia experimental ha mostrado que vibraciones de pequeña amplitud producen una disminución progresiva del volumen en suelos granulares; ello ocurre aún en el caso de arenas densas que podrían dilatar durante carga monotónica o unidireccional bajo un cierto nivel de esfuerzos de confinamiento. Por tanto, cuando un depósito de arena saturada se ve sometido a las ondas de corte que se propagan durante un Sismo, la estructura de la arena tiende a densificarse. Sin embargo, como la duración de aplicación de los esfuerzos de corte cíclicos es, en general, muy pequeña en comparación con el tiempo necesario para que ocurra algún drenaje, la tendencia de la arena a disminuir de volumen durante cada ciclo se refleja en un incremento progresivo de la presión de poros (8,14. Esto produce una reducción continua del esfuerzo efectivo y consecuentemente una disminución en la resistencia al corte de la arena. Una disminución considerable de la resistencia puede conducir a fallas por corte, que en algunas ocasiones son de consecuencias catastróficas.

  9. Enfermedades infecciosas probablemente dispersadas por los europeos durante el contacto indirecto en Tierra del Fuego

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fugassa, Martín H.

    2003-01-01

    Full Text Available Para la colonización de Norteamérica, ciertos autores sugieren que enfermedades infecciosas actuaron de modo discreto durante un período inicial llamado de Contacto Indirecto. Ello implicaría que los registros históricos con que contamos describan sociedades transformadas. Para Tierra del Fuego, Borrero establece la incertidumbre sobre el tamaño de las poblaciones previas a los primeros relatos de Gusinde y otros. Pretendemos brindar un marco probabilístico sobre las enfermedades infecciosas dispersadas en Tierra del Fuego durante el Contacto Indirecto. Se realizó una evaluación del riesgo de epidemias dentro de las poblaciones nativas (1520-1834. Se consideró el riesgo de contaminación por microorganismos patógenos, según los diversos medios de transporte. Sobre la base de toda la información antes mencionada y de las condiciones ambientales de Tierra del Fuego, construimos un listado de enfermedades infecciosas que probablemente fueron introducidas o aumentadas en frecuencia, dentro del archipiélago durante el período analizado. Este trabajo es parte de un proyecto orientado a analizar la dispersión de las enfermedades en Patagonia Austral

  10. PODER VITAL DE PUÉRPERAS DURANTE O CUIDADO DE ENFERMAGEM NO DOMICÍLIO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mariely Carmelina Bernardi

    2014-01-01

    Full Text Available Estudio cualitativo, caracterizado como convergente-asistencial, con el objetivo de identificar como se manifiestan las variables que pueden interferir en el poder vital de las puérperas durante los cuidados realizados por la enfermera a domicilio, en la perspectiva del Modelo de Cuidado de Carraro. La recolección de datos ocurrió de abril a junio de 2011, utilizándose el Modelo de Cuidado de Carraro durante las visitas domiciliares a cuatro mujeres que experimentaron el puerperio inmediato y tardío. Durante las visitas domiciliarias, las manifestaciones de las variables que interfieren en el Poder Vital del ser humano fueron diversas, con oscilaciones entre la neutralidad, la negatividad y la positividad frente los cuidados realizados, orientados y discutidos. Con la identificación de estas manifestaciones, se acepta que la enfermera pueda planificar, actuar y evaluar el cuidado, influyendo positivamente en el poder vital de la puérpera.

  11. Factores que inciden en el desarrollo metacognitivo de los estudiantes durante la investigación

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nuris Chirinos Molero

    2013-01-01

    Full Text Available La metacognición permite en los procesos de investigación reconocer las habilidades y destrezas, así como los obstáculos o limitaciones que se presentan en los estudiantes durante la realización del trabajo de grado. De allí que, el objetivo general de este estudio es diagnosticar los factores que inciden en los procesos metacognitivos de los estudiantes durante la investigación. En lo metodológico, se consideró el paradigma positivista, el tipo de investigación fue descriptivo. El diseño considerado fue de campo, pues se realizó en la Maestría Docencia para Educación Superior del Postgrado de la Universidad Nacional Experimental Rafael María Baralt. Los resultados evidenciaron que durante el proceso de la investigación los estudiantes se encuentran influenciados por el estrés y el escaso acompañamiento institucional, dado que la mayoría respondió que al culminar la escolaridad, algunas veces, sentían el apoyo de la institución. Por lo que la institución deberá promover un plan de acción para mejorar las políticas institucionales con el cumplimiento total de las mismas, con el propósito de incrementar la producción científica.

  12. Mecanismos de licuación y flujo de suelos granulares durante sismos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adolfo Alarcón Guzmán

    1987-09-01

    Full Text Available Una amplia evidencia experimental ha mostrado que vibraciones de pequeña amplitud producen una disminución progresiva del volumen en suelos granulares; ello ocurre aún en el caso de arenas densas que podrían dilatar durante carga monotónica o unidireccional bajo un cierto nivel de esfuerzos de confinamiento. Por tanto, cuando un depósito de arena saturada se ve sometido a las ondas de corte que se propagan durante un Sismo, la estructura de la arena tiende a densificarse. Sin embargo, como la duración de aplicación de los esfuerzos de corte cíclicos es, en general, muy pequeña en comparación con el tiempo necesario para que ocurra algún drenaje, la tendencia de la arena a disminuir de volumen durante cada ciclo se refleja en un incremento progresivo de la presión de poros (8,14. Esto produce una reducción continua del esfuerzo efectivo y consecuentemente una disminución en la resistencia al corte de la arena. Una disminución considerable de la resistencia puede conducir a fallas por corte, que en algunas ocasiones son de consecuencias catastróficas.

  13. CAPACIDAD ANATIOXIDANTE DURANTE LA MADURACIÓN DE ARAZÁ (Eugenia stipitata Mc Vaugh

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adrian Mauirica Vargas

    2008-03-01

    Full Text Available Con el propósito de conocer la evolución de algunos componentes antioxidantes de la pulpa de arazá durante el almacenamiento de los frutos, éstos se cosecharon en su madurez fisiológica y se almacenaron durante seis días a 25 ºC. Se encontróque los frutos presentan su máximo climatérico luego de dos días de almacenamiento y, al llegar al sexto día, sus características sensoriales están marcadamente deterioradas. Los contenidos de ácido ascórbico y fenólicos disminuyeron durante el almacenamiento. Los niveles encontrados de ácido ascórbico, compuestos fenólicos y la actividad anti-oxidante muestran que la contribución de la pulpa de arazá al potencial antioxidante, cuando se compara con otros alimentos, en la dieta humana es buena.

  14. COMPORTAMIENTO ESTRUCTURAL DE PUENTES EXTRADOSADOS DURANTE CONSTRUCCIÓN POR VOLADIZOS SUCESIVOS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Benjumea Royero

    Full Text Available Este artículo presenta el estudio del comportamiento durante construcción por voladizos sucesivos de un puente extradosado en concreto de tres luces (60+100+60 m, modelado numéricamente mediante elementos finitos en el software SAP2000. La fluencia y contracción del concreto, al igual que los efectos P-delta, se incluyeron en el modelamiento. El estudio se concentró en el comportamiento del tablero, los cables y los pilares, durante construcción y desde el momento del cierre hasta cincuenta años después, tiempo en el cual han ocurrido los efectos diferidos. Los resultados encontrados permiten vislumbrar la importancia de la consideración de estos efectos en el análisis por etapas del puente. Por ejemplo, en el tablero ocurren variaciones considerables en fuerzas internas y desplazamientos en el tiempo, y en los cables tiene lugar una pérdida de tensión máxima del 10 % con respecto a la tensión al final de construcción. En los pilares, los efectos diferidos en el tiempo causan desplazamientos horizontales de magnitud considerable en la corona, generando momentos flectores excesivos en la base. Lo anterior obliga a introducir una fuerza durante la construcción de la dovela de cierre para corregir dicho fenómeno.

  15. Los carbohidratos durante el ejercicio: la investigación de los últimos 10 años. Nuevas recomendaciones

    OpenAIRE

    Jeukendrup, Asker

    2013-01-01

    Durante los últimos años se han producido cambios significativos en la comprensión del papel que juegan los carbohidratos durante el ejercicio, y esto permite realizar un asesoramiento más específico y más individualizado en cuanto a la ingestión de carbohidratos durante el ejercicio. Las nuevas directrices propuestas tienen en cuenta la duración (y la intensidad) del ejercicio y el asesoramiento no se limita a la cantidad de carbohidratos, sino que también propone el tipo de estos. La ingest...

  16. Xilazina como pré-medicação para anestesia com tiopental sódico em cães Xylazine as a pre-medicant for thiopental sodium anaesthesia in the dog

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Orlando Ribeiro Prado Filho

    2000-06-01

    Full Text Available A xilazina produz um bom efeito sedativo-analgésico quando associado à drogas anestésicas. O tiopental sódico é um barbitúrico de curta duração que produz sonolência, sedação e hipnose. O objetivo deste trabalho é verificar a eficiência da associação da xilazina como pré-medicação e do tiopental sódico na manutenção da anestesia, em cães. Foram usados 32 cães sem raça definida, adultos, machos e com peso entre 8 e 10 kg, que foram submetidos à procedimento operatório no esôfago cervical. A dose média de xilazina administrada foi de 3,8 mg/kg e de tiopental sódico foi de 7,7 mg/kg. Não houve necessidade de intubação endotraqueal e não ocorreu óbito relacionado com as medicações anestésicas. Concluindo, o procedimento anestésico descrito é de fácil execução, é seguro e diminui o estresse do animal.The xylazine produce reliable sedative-analgesic effect when coadministered with anesthetics drugs. Thiopental sodium is a shorter duration barbituric, produced somnolence, sedation and hypnosis. The aim of this work is to verify the efficiency in association of xylazine and thiopental sodium to anesthesia in dogs. Thirty-two male mongrel dogs with an average weight between 8 and 10 kg were submitted to surgical procedure with approach of cervical aesophagus. The average dose was 3,8 mg/kg to xilazine and 7,7 mg/kg to thiopental sodium. Was not necessary endotracheal intubation and no deaths due anesthesic procedure were observed. The anesthesic procedure described is easy, safe and decreases the stress of the animal.

  17. Anestesia para ressecção transuretral de próstata: comparação entre dois períodos em hospital universitário Anestesia para resección transuretral de próstata: comparación entre dos períodos en un hospital universitario Anesthesia for transurethral resection of the prostate: comparison between two periods in a university hospital

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Liana Maria Torres de Araújo

    2005-04-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A anestesia para Ressecção Transuretral de Próstata (RTU é objeto, há anos, de diversos estudos devido às singularidades do procedimento cirúrgico. Este estudo teve a finalidade de comparar as técnicas anestésicas utilizadas e as possíveis intercorrências peri-operatórias em dois períodos de tempo distintos, com intervalo de 10 anos, visando detectar evolução da técnica anestésica e redução da morbimortalidade neste tipo de procedimento. MÉTODO: De modo retrospectivo, foram avaliados os prontuários de todos os pacientes submetidos à RTU de próstata no HC-FMRP-USP em dois períodos distintos, de quatro anos: GI - ressecções transuretrais de próstata (RTU realizadas entre os anos de 1989 a 1992; GII - ressecções transuretrais de próstata (RTU realizadas entre os anos de 1999 a 2002. Foram excluídos os pacientes portadores de neoplasias malignas de próstata ou bexiga. Foram analisados os prontuários de 300 pacientes, sendo 120 no GI e 180 no GII. RESULTADOS: Observou-se que a anestesia regional predominou em ambos os grupos, sendo a raquianestesia a mais freqüentemente utilizada. A duração média do procedimento foi maior no grupo II e a incidência de eventos adversos no período intra-operatório, como hipotensão, disritmias cardíacas e hipotermia, não divergiu significativamente entre os grupos. Entretanto, observou-se maior número de pacientes do grupo I com diagnóstico de infarto agudo do miocárdio nas primeiras 24 horas do período pós-operatório, provavelmente atribuídos à escassez de exames complementares e de avaliação cardiológica prévia nos pacientes submetidos à cirurgia naquele período. O tempo de permanência dos pacientes na sala de recuperação pós-anestésica foi semelhante nos dois grupos, mas a incidência de complicações foi maior no grupo I. O número de transfusões sangüíneas e a mortalidade peri-operatória não diferiram nos dois grupos

  18. Prevalencia y factores asociados al consumo de citrato de sildenafil en estudiantes universitarios colombianos, durante el primer semestre de 2013

    National Research Council Canada - National Science Library

    Javier Martínez-Torres; Ingrid Katherine Duarte-Corredor; Gaby Johanna García-Vásquez; Gissely Dimarhy Jáuregui-Rodríguez

    2015-01-01

    ... a la disminución de enfermedades de transmisión sexual y embarazos no deseados. Determinar la prevalencia del consumo de Citrato de Sildenafil y sus factores asociados en estudiantes universitarios, durante el primer semestre de 2013...

  19. Frammenti di dolore: violenza razziale-etnica nel cinema brasiliano durante la fase finale della dittatura militare (1979-1985)

    National Research Council Canada - National Science Library

    Lapera, Pedro Vinicius Asterito

    2016-01-01

    Questo articolo intende affrontare il tema della circolazione delle memorie della violenza razziale ed etnica attuate dalla dittatura civile-militare, che cominciarono a essere diffuse durante la fase...

  20. Calidad microbiologica natural de la leche durante el proceso de ordeno y despues de refrigerarse.(Articulos originales de investigacion)

    National Research Council Canada - National Science Library

    Manfrin Scabin, Karina Elizangela; Kozusny-Andreani, Dora Ines; Rodrigues Frias, Danila Fernanda

    2012-01-01

    El estudio actual tiene el proposito de verificar los cambios en la calidad microbiologica natural de la leche durante el proceso de ordeno y despues de refrigerada, analizando la accion de las tazas...

  1. Anestesia com cetamina, midazolam e óxido nitroso em cães submetidos à esofagoplastia cervical Ketamine, midazolam and nitrous oxide anesthesia in dogs submitted to cervical esophagoplasty

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliana Tabarelli Brondani

    2003-12-01

    Full Text Available Este estudo foi realizado para avaliar a anestesia intravenosa com cetamina e midazolam (K-M em cães ventilados mecanicamente com 66% de óxido nitroso e 33% de oxigênio ou 100% de oxigênio. Foram utilizados 16 cães sem raça definida, hígidos, com peso médio de 14,2 ± 3,78kg, submetidos a jejum sólido de 12 horas prévio ao procedimento. A anestesia foi induzida com a associação de cetamina (10mg.kg-1 e midazolam (0,5mg.kg-1 administrados na mesma seringa por via intravenosa (IV. Para manutenção anestésica, foi utilizada cetamina (5mg.kg-1 e midazolam (0,25mg.kg-1 administrados por via IV em intervalos de 10 minutos. Os animais foram distribuídos em dois grupos: N2O e O2. No grupo N2O, os cães foram ventilados mecanicamente com 66% de óxido nitroso e 33% de oxigênio. No grupo O2, somente o oxigênio foi utilizado para ventilação artificial. Em ambos os grupos, os animais foram submetidos à esofagoplastia cervical. As variáveis fisiológicas utilizadas para comparação entre os grupos foram: freqüência cardíaca, pressões arteriais sistólica, média e diastólica, saturação de oxigênio da hemoglobina e temperatura corporal. A necessidade ou não de doses adicionais da associação cetamina e midazolam também foi registrada para comparação. A análise estatística dos resultados não demonstrou diferenças significativas nas variáveis fisiológicas entre os grupos. No grupo O2, foram necessárias doses maiores da associação K-M para manutenção anestésica nos 30 minutos iniciais (pThis study was conducted to evaluate the effects of ketamine, midazolam, and nitrous oxide anesthesia (K-M in dogs artificially ventilated with 66% nitrous oxide and 33% oxygen or 100% oxygen. These dogs were submitted to experimental cervical esophagoplasty. Sixteen clinically healtly mixed breed dogs with mean body weight of 14.2 ± 3.78kg were studied. A 12-hour fasting period was established for each dog. Anesthesia was produced

  2. Infection par le virus de l’hépatite E durant la grossesse

    Science.gov (United States)

    Chaudhry, Shahnaz A.; Verma, Natasha; Koren, Gideon

    2015-01-01

    Résumé Question Plusieurs de mes patientes sont originaires de l’Asie du Sud-Est où le virus de l’hépatite E est assez commun. Quelles précautions puis-je leur suggérer de prendre avant de voyager dans cette région et quels sont les risques d’une infection par le VHE durant la grossesse? Réponse L’hépatite E est un pathogène présent dans l’eau qui se transmet par voie oro-fécale. Afin de réduire le risque de contracter le VHE lors de voyages dans des régions endémiques, il est important de maintenir des pratiques d’hygiène telles que se laver les mains avec de l’eau potable, particulièrement avant de manipuler de la nourriture, éviter de boire de l’eau ou d’utiliser des glaçons de pureté inconnue et ne pas manger de fruits ou de légumes non pelés. Actuellement, il n’existe aucun vaccin disponible au Canada pour le VHE. Une infection à l’hépatite E durant la grossesse, surtout durant le troisième trimestre, se caractérise par une infection plus sévère qui se transforme parfois en hépatite fulminante, augmentant ainsi les risques de mortalité et de morbidité maternelles et fœtales.

  3. Anestesia para peritonectomia com quimioterapia intraperitoneal hipertérmica transoperatória: relato de caso Anestesia para peritonectomía con quimioterapia intraperitoneal hipertérmica transoperatória: relato de caso Anesthesia for peritonectomy with hyperthermic intraoperative peritoneal chemotherapy: case report

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Giorgio Pretto

    2010-10-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: O pseudomixoma peritoneal é uma condição rara, relacionada com neoplasias epiteliais de apêndice e ovário. O tratamento de escolha é a citorredução cirúrgica, peritonectomia e quimioterapia intra-abdominal hipertérmica transoperatória (QIAHT. Cabe ao anestesiologista a manutenção de normovolemia, normotermia, manejo da dor pós-operatória e do estado de coagulação. O objetivo foi descrever um caso de peritonectomia com QIAHT. RELATO DO CASO: Paciente do sexo feminino, 37 anos, ASA I, apendicectomia há 3 meses, com laudo anatomopatológico de cistoadenoma mucinoso. Após revisão da peça, evidenciou-se pseudomixoma peritoneal, com indicação de peritonectomia com QIAHT. Instalou-se cateter peridural (T11-T12, dose-teste e morfina. Procedeu-se à indução anestésica com remifentanil 0,4 µg.kg-1.min-1, propofol e rocurônio, além de intubação orotraqueal em sequência rápida. A manutenção foi realizada com remifentanil, sevoflurano e rocurônio, conforme o TOF. Ropivacaína 50 mg e fentanil 100 µg em 10 mL foram administrados via cateter peridural 10 minutos antes da incisão. Durante toda a cirurgia, PVC, SpO2, FeCO2, temperatura, frequência cardíaca, PAM e diurese mantiveram-se em valores estáveis dentro da normalidade, inclusive no período da QIAHT. Redução no hematócrito e SvO2, alargamento do TAP e plaquetopenia foram corrigidos com a administração de hemocomponentes. Após 13 horas de cirurgia, a paciente foi admitida na UTI em ventilação controlada. Foi extubada no 1º dia de pós-operatório, recebendo alta hospitalar no 17º dia de internamento. CONCLUSÕES: A citorredução cirúrgica e a peritonectomia com QIAHT surgiram na década de 1990, com diversos estudos revelando aumento significativo da sobrevida. Pela complexidade do procedimento e grande porte cirúrgico, é fundamental a vigilância do anestesiologista para a manutenção dos parâmetros cl

  4. Efeitos da efedrina sobre as funções cardiovascular e renal de cães sob anestesia com pentobarbital sódico Efectos de la efedrina sobre las funciones cardiovascular y renal de perros bajo anestesia con pentobarbital sódico Effects of rphedrine on cardiovascular and renal function of dogs anesthetized with sodium pentobarbital

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosa Beatriz Amorim

    2002-07-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Com a perspectiva criada por algumas pesquisas de ações diferenciadas da efedrina sobre a função renal, dependendo da dose utilizada, e considerando-se as controvérsias ainda existentes a respeito dos seus efeitos sobre a função renal, esta pesquisa experimental tem como objetivo verificar se doses diferentes de efedrina determinam efeitos hemodinâmicos e renais diferenciados. MÉTODO: Em 32 cães anestesiados com pentobarbital sódico (PS, submetidos a preparação cirúrgica, cateterismo, monitorização, expansão do volume do fluido extracelular e respiração controlada, foi estudada a hemodinâmica cardiovascular e renal e a função renal. Os cães foram distribuídos aleatoriamente em quatro grupos: G controle (n = 8, com os cães permanecendo apenas sob o efeito do PS, G ef. 2 µg (n = 8, G ef. 10 µg (n = 8 e G ef. 100 µg (n = 8, com os cães recebendo efedrina nas doses respectivas de 2, 10 e 100 µg.kg-1.min-1. Os atributos cardiovasculares e renais foram estudados em 5 momentos: controle (M1 e M2, durante a infusão de efedrina (M3 e M4 e após a suspensão da infusão de efedrina (M5. RESULTADOS: Não houve diferença significante entre os grupos em relação aos atributos estudados. Em G ef. 2 µg houve aumento significante de freqüência cardíaca, fluxo sangüíneo aórtico, débito urinário e excreção fracionária de sódio. Em G ef. 10 µg houve aumento apenas da freqüência cardíaca e fração de filtração, enquanto em G ef. 100 µg ocorreu aumento de freqüência cardíaca, pressão arterial média, pressão venosa central, fluxo sangüíneo aórtico e hematócrito; por outro lado, ocorreu diminuição dos fluxos plasmático e sangüíneo renais e aumento da resistência vascular renal. CONCLUSÕES: A efedrina, dependendo da dose utilizada, apresenta ações hemodinâmicas e renais diferenciadas.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: Con la perspectiva creada por algunas pesquisas de acciones

  5. Anestesia para tratamento de aspergilose cardíaca em paciente com trombocitopenia: o uso criterioso da aprotinina Anestesia para tratamiento de aspergilosis cardiaca en paciente con trombocitopenia: el uso con criterio de la aprotinina Anesthesia for treatment of cardiac aspergillosis in a patient with thrombocytopenia and the judicious use of aprotinin

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Raquel Reis Soares

    2007-12-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A aprotinina tem sido muito utilizada em intervenções cirúrgicas cardíacas como recurso terapêutico para redução dos efeitos da circulação extracorpórea (CEC sobre a coagulação e fibrinólise. A recuperação da hemostasia adequada ao final do procedimento é um dos objetivos do anestesiologista. Porém, o uso da aprotinina tem indicação específica. O objetivo deste trabalho foi apresentar o caso de um paciente com plaquetopenia intensa submetido à intervenção cirúrgica cardíaca no qual a interconsulta com a Hematologia e o planejamento adequado permitiram o sucesso do procedimento. RELATO DO CASO: Paciente do sexo masculino, 18 anos, 64 kg, estado físico ASA IV, portador de aplasia de medula, em investigação para ser submetido a transplante de medula. Apresentava febre persistente, de um mês de evolução, sem melhora com antibioticoterapia. Na investigação com métodos de imagem, diagnosticou-se massa intra-atrial esquerda. Ao exame laboratorial apresentava hemoglobina de 9 g.dL-1 e trombocitopenia - 6.000 plaquetas.mm-3. Foi submetido à esternotomia com CEC para retirada de trombo intracavitário. Com objetivo de controlar o sangramento intra-operatório foram administrados: plaquetaférese, hidrocortisona e aprotinina. Durante a intervenção cirúrgica não houve aumento do sangramento nem instabilidade hemodinâmica e o paciente foi encaminhado à Unidade de Terapia Intensiva (UTI sem intercorrências. O exame anatomopatológico revelou trombo repleto de Aspergillus (massa fúngica. No sétimo dia de pós-operatório o paciente evoluiu com insuficiência respiratória e parada cardiorrespiratória sem resposta às manobras de reanimação. CONCLUSÕES: Apesar do grande risco de sangramento no paciente descrito, conseguiu-se realizar intervenção cirúrgica cardíaca com CEC sem intercorrências graças ao uso de aprotinina e plaquetoaférese.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: La aprotinina ha

  6. Els Xiquets de Valls durant el primer franquisme (1939-1960)

    OpenAIRE

    Cervelló Salvadó, Alexandre

    2014-01-01

    La presente investigación analiza las vicisitudes de los Xiquets de Valls durante el primer franquismo, de 1939 a 1960. Los Xiquets se tuvieron que enfrentar a situaciones nuevas y un entorno sociopolítico que les era contrario. El franquismo acabó con la dualidad castellera que había en Valls y los obligó a unirse en un solo grupo, que controlado desde la autoridad municipal, los utilizó a conveniencia para sacar-les el máximo partido. Después, con la vuelta a la dualidad castellera, desde e...

  7. La eficacia de la Política Monetaria durante la Gran Recesión

    OpenAIRE

    Borrallo Egea, Fructuoso; Hierro Recio, Luis Ángel

    2014-01-01

    El presente trabajo resume las aportaciones referidas a la eficacia de las medidas de política monetaria adoptadas por la Reserva Federal-FED, el Banco Central Europeo-ECB, el Banco de Japón-BoJ y el Banco de Inglaterra-BoE durante la crisis económica y financiera. Las principales conclusiones que obtenemos de la revisión de la literatura son que para las medidas de liquidez existe cierta discrepancia, en especial en el caso de las medidas de la FED, en relación a su eficacia m...

  8. 247. Complicaciones durante la experiencia inicial en cirugía robótica

    OpenAIRE

    J.F. Valderrama Marcos; S. González González; L. Rubio Lobato; Cano Nieto, J.; Gutiérrez de Loma, J.; Pérez Villardón, B.; J.M.a Melero Tejedor

    2010-01-01

    La cirugía robótica es un instrumento incorporado a nuestra práctica quirúrgica. Sin embargo, el número de intervenciones no ha sido la esperada en un principio. Analizamos las causas de ello. Objetivo: Exponer las dificultades para la completa implantación de un programa de cirugía robótica en nuestro medio y las complicaciones observadas. Material y método: Durante los primeros 20 meses, 25 pacientes han sido propuestos como candidatos para cirugía con asistencia robótica. La edad med...

  9. Argentina y Estados Unidos: toma de decisiones durante la Segunda Guerra Mundial

    OpenAIRE

    Zabala, Juan Pablo

    2005-01-01

    A pesar de la distancia geográfica que la separaba del frente de batalla , la Segunda Guerra Mundial tuvo una enorme repercusión en la Argentina ; su impacto sobre los diferentes sectores sociales y políticos fue el detonante que dejó su impronta en la discusión ideológica y política de la época . El propósito de este trabajo es introducir diferentes situaciones y casos que se dieron en la relación entre Argentina y Estados Unidos durante la Segunda Guerra Mundial , los cuales van a ser anali...

  10. PATOLOGIA ENDOMETRIAL EN MUJERES CON SANGRADO ANORMAL DURANTE TERAPIA DE REEMPLAZO HORMONAL

    OpenAIRE

    Bianchi P,Marcelo; Berrios C.,Cecilia; Villaseca D.,Paulina; Arteaga U,Eugenio

    2003-01-01

    Se presenta un estudio para analizar la incidencia de patología endometrial en mujeres sanas posmenopáusicas que reciben terapia de reemplazo hormonal (TRH) y que presentan sangrado uterino anormal. Se estudiaron 188 mujeres posmenopáusicas que presentaron flujo rojo uterino anormal (irregular o excesivo) durante TRH con estrógenos y progesterona en diferentes esquemas (49% secuencial continuo; 39% combinado continuo; 12% secuencial discontinuo. Al 100% de las pacientes se les realizó en form...

  11. La Educación de la Mujer Mexicana en la prensa femenina durante el Porfiriato

    OpenAIRE

    Morelos Torres Aguilar; Ruth Yolanda Atilano Villegas

    2015-01-01

    El artículo es producto de una investigación sobre las publicaciones mexicanas dirigidas al público femenino durante el porfiriato, las cuales desempeñaron una importante función educativa. El principal objetivo de la investigación es analizar, comprender, comparar e interpretar las principales propuestas que aparecían en estas respecto a la educación de la mujer, a partir de los artículos editoriales o de las columnas destacadas en cada uno de los medios. La investigación ofrece un panorama ...

  12. El costo material durante la proyección de máquinas cosechadoras

    OpenAIRE

    Marcelo N. Navarro-Ojeda

    2013-01-01

    Se analizó la determinación de los máximos costos permisibles de fabricación evaluando diferentes variantes de fiabilidad de las piezas en la nueva máquina o subconjunto objeto de estudio o desarrollo. Tiene como base el modelo Ihle-Rößner para la evaluación del comporta miento del desgaste en las piezas y cálculo de los índices de consumo de los repuestos, atendiendo a determinados parámetros de fiabilidad. Una premisa fundamental que establece el modelo es que durante el cálculo de las dife...

  13. 247. Complicaciones durante la experiencia inicial en cirugía robótica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    J.F. Valderrama Marcos

    2010-01-01

    Conclusiones: a El número de pacientes intervenidos es muy escaso para los recursos empleados; b en nuestro medio, no obtuvimos los resultados esperados en los pacientes intervenidos de válvula mitral; c en pacientes coronarios, hemos conseguido un abordaje realmente miniinvasivo, sin complicaciones observadas durante el postoperatorio; d en otra enfermedad como los mixomas y la pericardiectomía, se ha mostrado como una herramienta eficaz, aunque el escaso volumen no permita sacar conclusiones, y e el tiempo transcurrido entre las intervenciones influye negativamente en los resultados.

  14. Limitaciones de paso durante la celebración de batidas

    OpenAIRE

    Ituren Oliver, Albert

    2014-01-01

    El artículo analiza la posibilidad de que durante la realización de una cacería de animales de caza mayor los organizadores puedan solicitar a la Administración competente las limitaciones y prohibiciones de paso en caminos y sendas públicas para terceras personas ajenas a la cacería. Además se justifica dichas limitaciones como el resto de limitaciones que se establecen por otras actividades sociales en la que tambien se producen limitaciones de paso en orden a las cargas de la vida en común...

  15. El ejercicio físico durante el embarazo: factores relacionados y barreras percibidas

    OpenAIRE

    Luo, Yangjie

    2017-01-01

    [ES] Introducción y objetivo: Las investigaciones más recientes han evidenciado beneficios del ejercicio físico durante el embarazo en la salud materno-fetal, y su realización se aconseja para todas las mujeres libres de alguna situación o patología que lo contraindique; sin embargo, los niveles de ejercicio físico reportados se encuentran por debajo de los niveles recomendados. El objetivo de este trabajo es identificar los factores relacionados con la realización de actividad física y las b...

  16. Análise da adiposidade subcutânea durante o ciclo menstrual

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Joaquim Huaina Cintra Andrade

    2017-04-01

    Full Text Available Objetivo: analisar isoladamente o componente adiposo subcutâneo durante o ciclo menstrual. Método: a amostra foi composta por 30 mulheres saudáveis com idade entre 18 e 25 anos, com ciclo menstrual regular e que não utilizavam anticoncepcional oral ou injetável no período do estudo, na cidade de Fortaleza-CE, Brasil. A adiposidade corporal foi predita a partir da quantificação do somatório de seis dobras cutâneas (S ADIP. Essa variável foi utilizada no cálculo do escore de proporcionalidade (Z ADIP, subsidiando a realização do cálculo da massa adiposa absoluta (M ADIP. Resultados: a média de idade foi de 21,8 anos e de estatura 162,2 cm. Considerando a disposição de adiposidade por dobra cutânea, durante as três fases do ciclo menstrual, as dobras tricipital, subescapular, abdominal e espinal apresentaram maior média na fase lútea (14,8; 11,9; 19,5; 10,6 respectivamente; a dobra coxa apresentou valores de médias estatisticamente semelhantes nas fases folicular e ovulatória (20,1 e a dobra perna apresentou maior média na fase folicular (13,4. Analisando a prevalência do maior somatório de dobras cutâneas e a relação com a maior quantificação de massa adiposa absoluta, constatou-se que a fase folicular apresentou a maior média de somatório de dobras (89,6 e de massa adiposa (19,3. Considerações finais: os dados encontrados revelam que, durante as fases do ciclo menstrual, não há diferença significativa no somatório das dobras cutâneas e de massa adiposa absoluta. Este fato sugere que as alterações hormonais ocorridas durante o ciclo não estão diretamente associadas com o fator de variabilidade da adiposidade corporal.

  17. Detección de incongruencias durante la lectura de textos expositivos

    OpenAIRE

    Saux, Gastón I.

    2009-01-01

    Este estudio se propuso examinar la habilidad de los participantes para integrar inferencialmente conceptos no familiares en explicaciones durante la lectura de textos expositivos. Específicamente, los objetivos propuestos fueron (a) proveer evidencia empírica on-line sobre la habilidad para inferir vínculos explicativos entre información que se está leyendo e información previamente presentada en el texto y (b) examinar los efectos de dicha actividad inferencial sobre la representación menta...

  18. Teatro callejero en Santiago de Chile durante la década de 1980

    OpenAIRE

    Cáceres Pinto, Ignacio

    2014-01-01

    Durante la época de los 80, existían Grupos Teatrales Callejeros que montaban sus obras en la vía pública, de preferencia: Paseo Ahumada, Paseo Huérfanos y Tenderini, con el riesgo de ser detenidos. Aún cuando las circunstancias sociales no lo permitían, se abordaban temas contingentes que causaban conflicto en quienes manejaban el poder. Obras como “El muñeco”, dirigida por Aldo Parodi y actuada por Alejandro Trejo, Sandra Cepeda y Juan Carlos Cáceres entre otros, trataba de manera audaz el ...

  19. Los Estados italianos y España durante la primera guerra carlista (1833-1840)

    OpenAIRE

    Urquijo Goitia, José Ramón

    1992-01-01

    [ES] Durante el reinado de Fernando VII, España se mantuvo en el ámbito de influencia de las potencias conservadoras. La modificación del sistema sucesorio provocó una alteración completa de la política de alianzas. Si bien Austria, Prusia y Rusia ejercían un papel rector entre las naciones absolutistas, los enfrentamientos más importantes tuvieron lugar con los Reinos existentes en la península italiana. La influencia que los sucesos españoles de 1820 tuvieron en la península italiana; su ma...

  20. Glicosaminoglicanos como posibles reguladores de inflamación durante la malaria placentaria

    OpenAIRE

    Garrido Z,Erika

    2014-01-01

    Los mecanismos fisiopatológicos de la malaria placentaria son hasta el momento poco comprendidos, y el daño placentario derivado de la infección por Plasmodium spp se ha relacionado con eventos adversos del embarazo que afectan directamente el desarrollo del feto. Las concentraciones placentarias de algunas citocinas como la IL-10, TNF-α y TGF-ß y glicosaminoglicanos como el CSA, HA y HS podrían estar participando de forma reguladora en los eventos inflamatorios placentarios durante la i...

  1. Fisiopatología de los trastornos hipertensivos durante el embarazo

    OpenAIRE

    Castanedo Martínez, Raquel

    2017-01-01

    La preeclampsia es un tipo de trastorno hipertensivo que aparece o se diagnostica por primera vez durante el embarazo, y se caracteriza por cifras de tensión arterial superiores a 140/90 mm Hg y proteinuria. Su etiología es multifactorial, interviniendo tanto factores maternos como feto-placentarios, que provocarán una disfunción endotelial en el organismo materno. Suele cursar sin síntomas en sus fases más iniciales, apareciendo las manifestaciones clínicas en estados avanzados de la gestaci...

  2. La propaganda estadounidense en la radio barranquillera durante la Segunda Guerra Mundial 1942-1945

    OpenAIRE

    John Jairo Montoya Cárdenas

    2009-01-01

    El presente artículo tiene como objetivo reconstruir las operaciones de la Oficina de Asuntos Interamericanos en Colombia, centrándose en el uso que le dio a la radiodifusión, para promover intereses propagandísticos norteamericanos, durante el periodo de la Segunda Guerra Mundial y la participación de la radio de Barranquilla en la misma. Como una estrategia de guerra del gobierno de Estados Unidos, esta Oficina se embarcó en una corta pero trabajosa tarea de difundir la idea estadounidense ...

  3. DESHIDRATACION Y SOBREHIDRATACION VOLUNTARIAS DURANTE EL EJERCICIO EN EL CALOR: POSIBLES FACTORES RELACIONADOS

    OpenAIRE

    Andrea Solera Herrera; Luis Fernando Aragón Vargas

    2006-01-01

    Los efectos negativos de la deshidratación sobre la salud y el rendimiento han sido bien documentados. Recientemente, también se han documentado problemas por sobrehidratación. La presente investigación se hizo para estudiar los posibles factores que influyen sobre la ingesta voluntaria de líquido durante el ejercicio y determinar si existe relación entre el grado de deshidratación voluntaria y la creencia de que la ingesta de líquido provoca cólico. Para ello, se contó con 94 estudiantes uni...

  4. CRECIMIENTO Y DESARROLLO DE Colletotrichum gloeosporioides f. alatae DURANTE SU CULTIVO EN MEDIOS LÍQUIDOS

    OpenAIRE

    Cerón Rincón, Laura E.; BLANCA L. HIGUERA M.; JIMENA SÁNCHEZ N.; SILVIA BUSTAMANTE; GUSTAVO BUITRAGO

    2006-01-01

    Algunas características descritas como factores de virulencia para el género Colletotrichum sp. tales como la masa del micelio producido, la esporulación, la actividad poligalac- turonasa y el pH del medio, fueron evaluadas durante el cultivo de C. gloeosporioides f. alatae en tres medios líquidos (Czapeck, caldo Martin y caldo papa), utilizados común- mente para el desarrollo de hongos y en el medio de cultivo Czapeck adicionado con extracto de tubérculo de ñame como única fuente de carbono....

  5. Lógica y dinámica del rentismo en Bolivia durante el Siglo XXI

    OpenAIRE

    Alberte Rivera, Eduardo Antonio

    2009-01-01

    Bolivia, país subdesarrollado perteneciente a la Comunidad Andina (CAN), ha adquirido a través del tiempo conductas rentistas, lo que ha provocado una serie de efectos económicos, políticos y sociales en el presente siglo. La presente investigación describe la lógica y dinámica del Rentismo en Bolivia durante el siglo XXI. La comparación entre los regímenes energéticos de Gonzalo Sánchez de Lozada y Evo Morales Ayma ayuda a la descripción de la dinámica del Rentismo en Boliv...

  6. Bacterias en superficies contactadas durante las tomas radiográficas intraorales

    OpenAIRE

    Lee, Guihan; Calderón-Ubaquí, Victor; Sacsaquispe-Contreras, Sonia

    2016-01-01

    Objetivo: Determinar la presencia de bacterias mediante el análisis microbiológico en las superficies contactadas por el operador durante la toma y procesado de radiografías intraorales en diferentes momentos del día en el Servicio de Radiología Oral de la UPCH. Materiales y métodos: Se realizó un muestreo en nueve superficies del servicio de radiología oral. Las muestras se tomaron en dos momentos por el mismo investigador; al inicio y al finalizar las actividades en el servicio, se realizó ...

  7. COMPARACIÓN DE TRES ALTERNATIVAS ALIMENTICIAS EN CONEJOS DURANTE LA ETAPA DE CRECIMIENTO Y ACABADO.

    OpenAIRE

    Yamada A., Graciela; Practica Privada; San Martín H., Felipe; Laboratorio de Nutrición Animal; Bazán R., Víctor; Laboratorio de Producción Agropecuaria, Facultad de Medicina Veterinaria, Universidad Nacional Mayor de San Marcos, Lima, Perú

    2014-01-01

    Tres regímenes de alimentación comúnmente utilizados por los criadores durante las etapas finales de producción de conejos fueron evaluados utilizando 30 conejos de la raza californiana de 30 días de edad, recién destetados. Los tres regímenes de alimentación consistieron en: concentrado comercial (TI); Concentrado comercial 70% más el 30% heno de alfalfa (TII); y el 70% afrecho de trigo más 30% de heno de alfalfa (TIII). Cinco machos y cinco hembras se asignaron aleatoriamente a cada uno de ...

  8. Desempenho de sementes de soja tratadas com fungicidas e peliculizadas durante o armazenamento

    OpenAIRE

    Pereira,Carlos Eduardo; Oliveira,João Almir; Evangelista,José Renato Emilioreli; Botelho,Frederico José Evangelista; Oliveira,Gustavo Evangelista; Trentini,Patrícia

    2007-01-01

    O objetivo neste trabalho foi avaliar o desempenho de sementes de soja [Glycine max (L.) Merrill] tratadas com fungicidas em associação à peliculização, durante o armazenamento. Sementes da cultivar Pintado foram tratadas com thiram+thiabendazole e parte das sementes não receberam esse tratamento. As sementes foram ainda submetidas à peliculização com os polímeros AGL 205 ou AGL 202 e parte das sementes não foram peliculizadas. Posteriormente, as sementes foram acondicionadas em embalagens de...

  9. Las bibliotecas públicas durante el primer franquismo: entre la continuidad y la ruptura

    OpenAIRE

    Rodrigo Echalecu, Ana María

    2009-01-01

    En esta Memoria se analiza el concepto de biblioteca pública durante el primer franquismo, así como la organización bibliotecaria, los Centros Coordinadores de Bibliotecas, los diferentes tipos de bibliotecas públicas, así como el personal que las gestionó y sus instalaciones. Especial atención han recibido las bibliotecas municipales al estudiar el marco jurídico y su localización a través de una cartografía inédita.

  10. Importancia de las levaduras no-#Saccharomyces# durante la fermentacion de bebidas alcoholicas

    OpenAIRE

    Casas Acevedo, Aarón; Aguilar González, Cristóbal Noé; de la Garza Toledo, Heliodoro; Morlett Chávez, Jésús Antonio; Montet, Didier; Rodríguez Herrera, Rául

    2015-01-01

    Durante la fermentación de bebidas alcohólicas intervienen principalmente levaduras del genero Saccharomyces. Sin embargo, existen otros géneros de levaduras que también participan en los procesos fermentativos, y rara vez son tomados en cuenta, estas son las levaduras denominadas no-Saccharomyces, entre las que destacan: Kloeckera apiculata, Hanseniaspora uvarum, Rhodotorula glutinis, Rhodotorula mucilaginosa, entre otras; las cuales mediante la producción de congenéricos, enzimas y proteína...

  11. Diagnóstico de sistemas convectivos de mesoescala sobre Colombia durante 1998-2002.

    OpenAIRE

    Poveda Jaramillo, Germán; Zuluaga Arias, Manuel David; Mejía Valencia, John Freddy

    2004-01-01

    Se uso información de la Misión para la Medición de la LLuvia Tropical (TRMM), Imágenes de Microondas y Radar de Precipitación (TMI y PR), para desarrollar una clasificación cuantitativa de los Sistemas Convectivos de Mesoscala (SCM). Tal clasificación hizo posible extraer diferentes rasgos asociados a la precipitación de la convección en la mesoscala y su ciclo diurno durante el período 1998-2002. Se confirma que estos SCM representan en volumen, alrededor de el 70 del total de la precipi...

  12. Consideraciones anatómicas durante la cirugía periodontal

    OpenAIRE

    P. Solano Mendoza; A. Bascones Martínez

    2014-01-01

    En el presente trabajo hemos realizado una revisión bibliográfica de la literatura con el objetivo de esclarecer las consideraciones anatómicas que deben tenerse en cuenta a la hora de realizar cirugía periodontal, que posibles estructuras anatómicas podemos encontrarnos al elevar un colgajo y cómo podemos evitar la lesión de las mismas. También aportamos un breve repaso sobre conceptos y referencias anatómicas que los especialistas debemos tener presentes durante el manejo de los tejidos bla...

  13. Comparação entre a medida contínua do débito cardíaco e por termodiluição em bolus durante a revascularização miocárdica sem circulação extracorpórea

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kim Sílvia M.

    2004-01-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A cirurgia de revascularização miocárdica sem o uso de circulação extracorpórea (CEC relaciona-se a importantes alterações hemodinâmicas bruscas, que podem não ser prontamente detectadas pela medida contínua de débito cardíaco. Este estudo compara resultados obtidos pela medida do índice cardíaco com o cateter de artéria pulmonar com filamento térmico (Baxter Edwards Critical Care, Irvine, CA com o método padrão por termodiluição com solução, durante a anastomose coronariana distal. MÉTODO: Dez pacientes submetidos à cirurgia de revascularização miocárdica sem CEC foram monitorizados com o cateter de artéria pulmonar com filamento térmico. As medidas de índice cardíaco foram obtidas em quatro momentos: no início da anestesia, enquanto o tórax ainda estava fechado (M1, após a esternotomia (M2, após a estabilização do coração com o aparelho octopus (M3 e ao final da anastomose coronariana distal (M4. RESULTADOS: Houve diminuição significativa (p < 0,05 do índice cardíaco durante a anastomose coronariana, detectada pela medida com termodiluição com bolus de solução. O índice cardíaco variou de 2,8 ± 0,7 para 2,3 ± 0,8 l.min.m-2 no início da anastomose e 2,5 ± 0,8 l.min.m-2 ao final da mesma. Essa variação não foi detectada pela medida contínua (de 3 ± 0,6 para 3,2 ± 0,5 e 3,1 ± 0,6 l.min.m-2 durante a anastomose coronariana. CONCLUSÕES: A medida de débito cardíaco contínuo utilizando o cateter de artéria pulmonar com filamento térmico apresentou atraso na detecção das alterações hemodinâmicas agudas relacionadas à mudança do posicionamento do coração na cirurgia de revascularização miocárdica sem CEC.

  14. Prevalencia de neoplasias en caninos en la universidad de los Llanos, durante 2004 a 2007

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pablo Cruz-Casallas

    2010-04-01

    Full Text Available Objetivo. Describir y clasificar las enfermedades neoplásicas diagnosticadas en el laboratorio de Patología Veterinaria de la Universidad de los Llanos, desde enero de 2004 hasta junio de 2007. Materiales y métodos. Como fuente de información se utilizó la base de datos de las historias clínicas y de los exámenes de necropsia de la Clínica Veterinaria de la Universidad de los Llanos. Las muestras analizadas procedieron de especímenes obtenidos por biopsias y de tumores hallados durante necropsia. Se analizaron 322 casos clínicos, de los cuales 113 correspondieron a enfermedades neoplásicas (35%. Resultados. En general, la especie más afectada fue la canina (93 de 113 casos, siendo las razas mestizas las más afectadas (p0.05. Conclusiones. Los tumores de piel fueron los de mayor incidencia, quizá por la mayor facilidad de diagnóstico durante la consulta clínica, comparados con otras neoplasias que afectan órganos y tejidos más profundos.

  15. DEPORTE ESPECTÁCULO EN ESPAÑA DURANTE EL SIGLO DE ORO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gonzalo Ramírez Macías

    2007-01-01

    Full Text Available El objetivo de esta investigación es conocer y caracterizar el deporte espectáculo en España durante el Siglo de Oro. La primera parte de este artículo está dedicada a contextualizar y justificar la investigación. En segundo lugar, se expone el método de investigación utilizado. En tercer lugar, se presentan y analizan los resultados obtenidos, que demuestran la existencia del deporte espectáculo en España durante los siglos XVI y XVII. En cuarto lugar, se comparan los resultados de este estudio con los obtenidos por otros precedentes. Finalmente, se exponen las conclusiones de la investigación en las que, a partir de los resultados obtenidos por ésta y otras investigaciones, se sintetizan las características más relevantes del deporte espectáculo del Siglo de Oro español.

  16. Rede social de apoio durante transições familiares decorrentes do nascimento de filhos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Dessen Maria Auxiliadora

    2000-01-01

    Full Text Available O suporte da rede de apoio é fundamental à família e ao indivíduo no enfrentamento de transições normativas e não normativas no processo de desenvolvimento. Este estudo descreve as transformações nessa rede durante transições decorrentes do nascimento de filhos. Quinze pais de classe social baixa e suas respectivas esposas/companheiras, subdivididas em dois grupos (A: mães grávidas; B: mães com bebês de até seis meses, participaram de uma entrevista semi-estruturada e responderam um questionário. A principal alteração na rede, segundo as mães, foi o aumento do apoio psicológico recebido; para os pais, foi o aumento da ajuda financeira e material. O apoio do marido/companheiro foi considerado, por todas as mães, mais importante que os demais. Os dados sugerem que, para compreender as alterações na rede social de apoio e no envolvimento do pai na vida familiar durante transições decorrentes do nascimento de filhos, é preciso conhecer as relações desenvolvidas entre os subsistemas familiares e o contexto social no qual as famílias estão inseridas.

  17. Taquicardia ventricular del tracto de salida del ventrículo derecho durante el embarazo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ariel K. Saad

    2012-06-01

    Full Text Available Durante el embarazo aumentan el metabolismo basal, el consumo de O2, la frecuencia cardíaca, el volumen sistólico, el volumen minuto y la volemia y disminuyen la tensión arterial y la resistencia periférica. Diferentes estudios han demostrado que durante este período la posibilidad de que ocurra una arritmia cardíaca o se produzca la exacerbación de una arritmia preexistente es mayor. No obstante, en su enorme mayoría carecen de importancia pronóstica tanto para la madre como para el feto. La taquicardia ventricular del tracto de salida del ventrículo derecho es una arritmia poco frecuente y su aparición se ha correlacionado con el aumento del tono adrenérgico. Se presentan los casos de dos pacientes que mostraron en el curso de la gestación reiterados episodios de taquicardia ventricular del tracto de salida del ventrículo derecho. Se analiza la asociación del embarazo con la ocurrencia de trastornos del ritmo cardíaco.

  18. España y Argentina durante la Segunda Guerra Mundial

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mónica Quijada

    1994-01-01

    Full Text Available Es evidente que las relaciones con la Argentina no fueron las más decisivas mantenidas por España durante la segunda guerra mundial; lo mismo puede afirmarse desde la perspectiva de ese país hispanoamericano. Más obvio aún resulta el hecho de que ni el desarrollo, ni el resultado de la contienda dependieron en ningún momento de los contactos hispano- argentinos, ni tan siquiera fueron influidos por éstos. No obstante, durante el período de la guerra y muy particularmente desde 1942, esas relaciones fueron objeto de una atención inusitada en los medios internacionales, al extremo de llegar a ser bautizadas con un nombre específico, que era en sí mismo portador de una imagen político-ideológica escasamente halagüeña: el Eje Madrid-Buenos Aires. Más aún: esa misma imagen se proyectó sobre las relaciones hispano-argentinas en los años de la posguerra y en ciertos medios académicos se le siguió asignando valor explicativo hasta fechas relativamente recientes.

  19. Ultra-sonografia intra-operatória durante colecistectomia laparoscópica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Augusto Claudio de Almeida Tinoco

    Full Text Available Durante um período de sete meses, em noventa pacientes submetidos à colecistectomia laparoscópica foi realizada ultra-sonografia intra-operatória e, em 81 pacientes, a colangiografia intra-operatória foi possível. A ultra-sonografia laparoscópica (USL foi realizada através dos trocartes umbilical e epigástrico, sem mobilização duodenal e após a colangiografia sistemática. A USL detectou coledocolitíase em 11 pacientes (12,2%, embora apenas seis (6,6% destes pacientes tivessem este diagnóstico antes da cirurgia. A colangiografia diagnosticou coledocolitíase em 8,8% dos casos. As vias biliares foram visualizadas pela USL em todos os casos. Durante a colecistectomia laparoscópica, a ultra-sonografia intra-operatória é uma técnica simples e eficiente na detecção de cálculos na via biliar principal.

  20. Influência da técnica de anestesia no tempo de ocupação de sala cirúrgica nas operações anorretais Influence of the anesthetic technique on the time spent in operating rooms in anorectal procedures

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo Gustavo Kotze

    2008-06-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: atualmente cerca de 90% das operações anorretais são realizadas em regime ambulatorial. A técnica anestésica é fator fundamental na busca de reduzido tempo de internação, agilidade no ambiente cirúrgico e redução de custos nestes procedimentos. Não há consenso na literatura sobre qual o melhor tipo de anestesia para essas operações. OBJETIVO: comparar o tempo de ocupação de sala cirúrgica em pacientes submetidos a operações anorretais através da técnica de raquianestesia com bupivacaína 0,5% isobárica comparada com a técnica de anestesia venosa com propofol associada ao bloqueio perianal local com lidocaína a 2% e bupivacaína 0,5%. MÉTODOS: Foram incluídos 99 pacientes divididos em 2 grupos: grupo I (raquianestesia, composto por 50 pacientes e grupo II (anestesia combinada, composto por 49 pacientes. Foram estudados os procedimentos cirúrgicos e o tempo de procedimento anestésico-cirúrgico, e medida indireta da ocupação da sala cirúrgica. RESULTADOS: Não houve diferença estatística significativa entre os grupos estudados em relação ao tipo de procedimento cirúrgico, sexo e idade. O tempo médio do procedimento anestésico-cirúrgico, no grupo I foi de 53,1 min e de 44,08 min no grupo II (p=0,034. CONCLUSÕES: As duas técnicas estudadas foram eficazes. Houve menor tempo de procedimento anestésico-cirúrgico nos pacientes operados com anestesia combinada, com significância estatística.INTRODUCTION: around ninety percent of anorectal surgical procedures are performed as day cases. The choice of a proper anesthetic technique is important to achieve reduced time in the operating rooms, hospital stay and low costs. There is no evidence in the literature that a superior type of anesthesia for these procedures exists. OBJECTIVE: to compare the time spent on operating rooms in patients submitted to anorectal surgical procedures through spinal anesthesia (0,5% bupivacaine with combined anesthesia

  1. Análise de custos entre a raquianestesia e a anestesia venosa com propofol associada ao bloqueio perianal local em operações anorretais Cost analysis between spinal and venous anesthesia with propofol associated with local perianal block in anorectal procedures

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo Gustavo Kotze

    2009-09-01

    Full Text Available RACIONAL: Atualmente cerca de 90% das operações anorretais podem ser realizadas em regime ambulatorial. A técnica anestésica é fator fundamental na busca de menor tempo de internamento e redução de custos nestes procedimentos. Não há consenso na literatura sobre qual o melhor tipo de anestesia para essas operações. OBJETIVO: Comparar os custos da técnica de raquianestesia com bupivacaína 0,5% isobárica com a técnica de anestesia venosa com propofol associada ao bloqueio perianal local com lidocaína a 2% e bupivacaína 0,5% (anestesia combinada em pacientes submetidos a operações anorretais. MÉTODOS: Foram analisados dados de 99 pacientes submetidos à operações anorretais, divididos em dois grupos: grupo I (raquianestesia, composto por 50 pacientes e grupo II (anestesia combinada, composto por 49 pacientes. Foram estudados os procedimentos cirúrgicos, tempo de procedimento anestésico-cirúrgico, tempo de internamento e custos globais de cada paciente. RESULTADOS: Não houve diferença estatística significativa entre os grupos estudados em relação ao tipo de procedimento cirúrgico, sexo, idade e complicações. O tempo médio do procedimento anestésico-cirúrgico, no grupo I foi de 53,1 minutos e de 44,08 minutos no grupo II (P=0,034. O tempo médio de internamento foi de 19,68 horas no grupo I e de 7,08 horas no grupo II (PBACKGROUND: Approximately ninety percent of anorectal surgical procedures are performed in ambulatory basis. The choice of a proper anesthetic technique is important to achieve shorter hospital stay and low costs. There's no evidence in the literature that an ideal type of anesthesia for these procedures exists. AIM: To compare the costs of patients operated with spinal anesthesia (0,5% bupivacaine with combined anesthesia (propofol and local perineal block with 2% lidocaine and 0,5% bupivacaine in anorectal surgical procedures. METHODS: Data from 99 patients submitted to anorectal operations were

  2. Avaliação perioperatória em cães idosos submetidos à anestesia geral inalatória: determinação das complicações trans e pós-operatórias

    OpenAIRE

    Haley Silva de Carvalho

    2011-01-01

    Este estudo objetivou avaliar a condição clínica pré-operatória dos cães idosos submetidos à anestesia inalatória e relacionar as alterações encontradas na avaliação pré-operatória com a ocorrência de complicações e óbito perioperatório. O estudo foi prospectivo, observacional e realizado no período de abril de 2007 a abril de 2008. Os cães idosos foram avaliados por meio de anamnese, exame físico, mensuração da pressão arterial sistólica (Doppler), eletrocardiograma (ECG) e análises laborato...

  3. Baixa dose de bupivacaína isobárica, hiperbárica ou hipobárica para raquianestesia unilateral Baja dosis de bupivacaína isobara, hiperbara o hipobara para anestesia raquidea unilateral Low dose isobaric, hyperbaric, or hypobaric bupivacaine for unilateral spinal anesthesia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Eduardo Imbelloni

    2007-06-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A raquianestesia unilateral pode apresentar vantagens principalmente em pacientes em regime ambulatorial. Baixa dose da solução anestésica, velocidade lenta da injeção espinal e a posição lateral facilitam a obtenção da distribuição unilateral na raquianestesia. Foram comparadas soluções isobárica, hiperbárica e hipobárica de bupivacaína com objetivos de se obter raquianestesia unilateral em pacientes submetidos a intervenções cirúrgicas ortopédicas em regime ambulatorial. MÉTODO: Cento e cinqüenta pacientes foram aleatoriamente separados em três grupos para receberem 5 mg de bupivacaína a 0,5% isobárica (Grupo Iso, ou 5 mg de bupivacaína a 0,5% hiperbárica (Grupo Hiper, ou 5 mg de bupivacaína a 0,15% hipobárica (Grupo Hipo. As soluções foram administradas no interespaço L3-L4 com o paciente na posição lateral e permanecendo nesta posição por 20 minutos. A anestesia sensitiva foi avaliada pelo teste da picada da agulha. O bloqueio motor avaliado pela escala modificada de Bromage. Ambos os bloqueios foram comparados com o lado não operado e entre si. RESULTADOS: Existiu diferença significativa entre o lado operado e não-operado em todos os três grupos aos 20 minutos, mas maior freqüência de raquianestesia unilateral foi obtida com as soluções hiperbárica e hipobárica de bupivacaína. Bloqueio sensitivo e motor foram observados em 14 pacientes do Grupo Iso, 38 pacientes no Grupo Hiper e 40 pacientes no Grupo Hipo. Não ocorreram alterações hemodinâmicas em nenhum paciente. Não foram observados cefaléia pós-punção nem sintomas neurológicos temporários. CONCLUSÕES: A raquianestesia com soluções hipobárica e hiperbárica proporcionou maior freqüência de unilateralidade. Após 20 minutos a solução isobárica de bupivacaína mobilizou-se no líquido cefalorraquidano (LCR, resultando em apenas 28% de raquianestesia unilateral.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: La

  4. Neuronas espejo y el aprendizaje en anestesia

    OpenAIRE

    Bautista, Jhon; Navarro, José Ricardo

    2011-01-01

    Las neuronas espejo fueron descritas inicialmente en primates de la especie Macaca nemestrina hacia el año 1990 por el neurofisiólogo Giacomo Rizzolatti y su grupo de la Universidad de Parma, en Italia. Son neuronas motoras que activan cuando el individuo observa la acción concreta para la que están predeterminadas sin generar ningún tipo de actividad motora. En la actualidad se considera que estas neuronas participan en procesos de adaptación al entorno social ya que permiten no solamente co...

  5. Neuronas espejo y el aprendizaje en anestesia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jhon Bautista

    2011-10-01

    Full Text Available Las neuronas espejo fueron descritas inicialmente en primates de la especie Macaca nemestrina hacia el año 1990 por el neurofisiólogo Giacomo Rizzolatti y su grupo de la Universidad de Parma, en Italia. Son neuronas motoras que activan cuando el individuo observa la acción concreta para la que están predeterminadas sin generar ningún tipo de actividad motora. En la actualidad se considera que estas neuronas participan en procesos de adaptación al entorno social ya que permiten no solamente comprender las acciones sino también las intenciones de otros individuos. Se les atribuye función en los procesos de aprendizaje simple a través de la observación y la imitación que pueden ser aprovechados en la enseñanza de la anestesiología.

  6. PENATALAKSANAAN ANESTESIA PADA LAPAROTOMI KISTOMA OVARII PERMAGNA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hadyan Sinantyanta

    2015-05-01

    Full Text Available Kistoma ovarii permagna masih sering dijumpai di RSUP Sanglah Denpasar. Kasus ini berisiko tinggi selama periode perioperatif. Seorang wanita, 25 th, didiagnosis kistoma ovarii permagna, pasien tampak kurus dengan perut sangat besar dan aktifitasnya terganggu. Fungsi kardio-respirasi normal. CT scan abdomen: massa ukuran 30,3 x 34,9 x42,1 cm. Sebelum induksi dipasang CVC dan arteri line. Dengan posisi setengah duduk dilakukan laringoskopi – intubasi. Pasca-operasi respirasi tidak adekuat, sehingga perlu  ventilasi kendali di ICU. Saat induksi pasien diposisikan setengah duduk, sedikit miring kiri untuk mencegah regurgitasi-aspirasi dan aorto-caval compresion. Terjadi masalah ventilasi tidak adekuat pasca operasi yang kemungkinan karena sisa obat opioid, pelumpuh otot, faktor mekanik diafragma, otot-otot bantu pernapasan dan nyeri. Anestesiologis harus memperhatikan fungsi fisiologis dalam batas normal dan memfasilitasi pembedahan dapat dilakukan secara aman. [MEDICINA 2014;45:139-42]   .  

  7. Síndrome de Turner e anestesia

    OpenAIRE

    Maranhão, Marcius Vinícius M.

    2008-01-01

    JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A síndrome de Turner é uma anormalidade genética freqüente e complexa, que afeta mulheres e está associada a uma grande variedade de alterações anatômicas e fisiológicas, em especial relacionadas com as vias aéreas e o sistema cardiovascular. Foi objetivo deste artigo fazer uma revisão das alterações anatomofisiológicas da síndrome de Turner de maior interesse para o anestesiologista, discutir o manuseio perioperatório e fazer uma revisão da literatura a respeito da...

  8. Disritmias cardíacas e anestesia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Michelle Nacur Lorentz

    2011-12-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: As disritmias são complicações relativamente comuns no período perioperatório, devendo ser diagnosticadas e adequadamente tratadas pelo anestesiologista quando houver indicação para tal. Este artigo foi elaborado com o objetivo de revisar os aspectos mais relevantes das disritmias cardíacas para o anestesiologista, bem como estabelecer relação de causa e efeito entre os fármacos utilizados no período perioperatório e as disritmias. CONTEÚDO: São apresentados neste artigo os mecanismos das disritmias, os fármacos que potencialmente causam disritmias, além do diagnóstico e tratamento no período perioperatório. CONCLUSÕES: As disritmias que ocorrem no período perioperatório muitas vezes não demandam tratamento e, em outras tantas, o tratamento pode gerar uma verdadeira iatrogenia. Portanto, o conhecimento das disritmias cardíacas e dos fatores que podem desencadeá-las possibilita ao anestesiologista melhor abordagem perioperatória, evitando tratamentos equivocados ou desnecessários.

  9. Anestesia venosa total em infusão alvo-controlada associada a bloqueio do nervo femoral para meniscectomia do joelho por acesso artroscópico Anestesia venosa total en infusión objeto-controlada asociada al bloqueo del nervio femoral para meniscectomía de la rodilla por acceso artroscópico Target-controlled total intravenous anesthesia associated with femoral nerve block for arthroscopic knee meniscectomy

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernando Squeff Nora

    2009-04-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: O aumento da popularidade de técnicas operatórias minimamente invasivas reduziu os tempos de recuperação de procedimentos que, anteriormente, eram associados a período de internação longo. Este trabalho apresenta técnica de anestesia geral venosa total com propofol e remifentanil combinada a bloqueio do nervo femoral, por acesso perivascular inguinal. MÉTODO: Foram incluídos 90 pacientes submetidos à artroscopia do joelho para meniscectomias. A indução anestésica foi feita com propofol em infusão alvo-controlada (IAC (alvo = 4 µg.mL-1 e com remifentanil em IAC (alvo = 3 ng.mL-1. As alterações das concentrações de propofol e remifentanil eram realizadas de acordo com a eletroencefalografia bispectral (BIS e a pressão arterial média (PAM. A ventilação era mecânica e controlada a volume e a via aérea mantida com máscara laríngea. Os valores das concentrações no local efetor de propofol e remifentanil eram obtidos através dos modelos farmacocinéticos dos fármacos, inseridos nas bombas de IAC e corresponderam a concentrações preditivas. Local efetor refere-se à área de ação dos fármacos. O tempo de alta hospitalar compreendeu o espaço de tempo entre a chegada do paciente na sala de recuperação até o momento da alta. RESULTADOS: As concentrações médias no local efetor (ng.mL-1, máximas e mínimas, de remifentanil foram de 3,5 e 2,4, respectivamente. As concentrações médias no local efetor (µg.mL-1, máximas e mínimas de propofol, foram respectivamente de 3,1 e 2,6. A vazão média de infusão de propofol e de remifentanil foi de 8,54 mg.kg-1.h-1 e de 0,12 µg.kg-1.min-1 , respectivamente. Os tempos de alta hospitalar foram, em média, de 180min. CONCLUSÕES: Todos os pacientes foram mantidos dentro dos parâmetros estabelecidos.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: El aumento de la popularidad de técnicas operatorias mínimamente invasivas, redujo los tiempos de recuperación de

  10. Fútbol y conflictividad sociopolítica durante la dictadura de Franco. Un estudio de caso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Néstor García Lázaro

    2014-02-01

    Full Text Available El objetivo de la presente investigación es ahondar la relación existente entre el fútbol y la conflictividadsociopolítica durante los períodos de dictadura. Para ello nos centramos en estudiar los desórdenespúblicos que tienen lugar durante y después del encuentro que enfrenta a la Unión Deportiva LasPalmas contra el Córdoba en el Estadio Insular el 4 de marzo de 1962. Nos basamos principalmenteen la documentación generada por las autoridades franquistas, como es el caso del Servicio de Informaciónde la Guardia Civil, la Dirección General de Seguridad y el Gobernador Civil de Las Palmas;la prensa oficial de la época y la de las organizaciones antifranquistas. Explicamos este conflicto comofruto de las condiciones económicas, sociales y políticas que se viven durante los años anteriores enla ciudad de Las Palmas de Gran Canaria, que generan un gran descontento entre todas las clases socialescon la dictadura imperante. De esta investigación se desprende el cariz nacionalista del conflictoy la importancia que el mismo tuvo para las autoridades franquistas, que emprendieron una serie deacciones para mejorar la situación de las islas.The aim of this research is to deepen the relationship between football and socio-political conflictduring periods of dictatorship. For this study we focus on public disorder occurring during and afterthe match pitting the Union Deportiva Las Palmas against Córdoba at Estadio Insular March 4, 1962.To do this we rely primarily on the documentation generated by the Francoist authorities, such as theInformation Service of the Civil Guard, the Dirección General de Seguridad and the Civil Governorof Las Palmas; the official press of the time and the propaganda of the anti-Franco organizations. Weexplain this conflict as a result of the economic, social and political conditions that is lived in the yearsbefore on the city of Las Palmas de Gran Canaria, that generate a lot of discontent among all

  11. Manifestaciones cardiacas del dengue: Reporte de una serie de casos durante la epidemia colombiana de 2010

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Clara Saldarriaga G.

    2013-12-01

    Full Text Available INTRODUCCIÓN: el dengue es la enfermedad viral transmitida por vectores de diseminación más frecuente en el mundo. Su espectro clínico incluye las manifestaciones atípicas, entre ellas el compromiso cardiaco, del cual sólo se han reportado pocas series de casos en la literatura. OBJETIVO: reportar las características clínicas de los pacientes atendidos por casos confirmados por serología de dengue con manifestaciones cardiovasculares en un centro de referencia cardiovascular colombiano durante la epidemia de 2010. METODOLOGÍA: estudio observacional, descriptivo, prospectivo, en el que se incluyeron los pacientes que consultaron al servicio de urgencias, a quienes se les realizó un diagnóstico confirmado de dengue y tuvieron manifestaciones cardiovasculares de la enfermedad. RESULTADOS: se encontraron 7 pacientes; el 50% no tenía antecedentes previos de enfermedad cardiovascular. Los trastornos del ritmo fueron la manifestación cardiaca más frecuente (42,8%, entre ellos la fibrilación auricular de novo (14,2%, el bloqueo auriculoventricular completo y transitorio (14,2%, la bradicardia sinusal concomitante con derrame pericárdico (14,2% y la disfunción ventricular leve (28,5%; un paciente presentó un síndrome coronario agudo con elevación de ST durante la infección y dos descompensación aguda de insuficiencia cardiaca. No se reportaron muertes. CONCLUSIÓN: la incidencia de las complicaciones cardiacas asociadas a la infección por dengue varía de una serie a otra y su fisiopatología no se conoce por completo. Durante la epidemia que se desató en Colombia en 2010 se encontraron pocos casos de manifestaciones cardiovasculares pero con una morbilidad importante que debe alertar respecto a su identificación temprana.

  12. COMPARTIMENTACIÓN INTERCELULAR DEL ACETATO EN NEURONAS Y ASTROCITOS