WorldWideScience

Sample records for gravidez em adolescentes

  1. Ser adolescente e ser pai/mãe: gravidez adolescente em uma amostra brasileira

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eva Diniz Bensaja dei Schiro

    2013-09-01

    Full Text Available O estudo teve por objetivo investigar as características associadas à gravidez adolescente em uma amostra de adolescentes brasileiros de ambos os sexos. Estudo transversal (N = 226 com 64,2% dos participantes do sexo feminino. A média de idade dos participantes foi 18,86 anos (DP = 1,35. Os participantes responderam a um questionário que investigava aspetos como: (1 vida sexual; (2 sentimentos com relação à gravidez; (3 relações com escola; (4 trabalho; e (5 família. Não foram encontradas diferenças de sexo para idade de início da vida sexual nem para o número de gravidezes relatadas. Constatou-se, no entanto, que a gravidez gerou mais sentimentos de vergonha nas meninas (p < 0,01 e indicação de necessidade de buscar trabalho para os meninos (p < 0,001. Os meninos revelaram maior número de repetições de ano e de expulsões da escola em relação às meninas (p < 0,05. Esses resultados sugerem que gravidez adolescente toma diferentes significados para os adolescentes, em função do seu sexo.

  2. Gravidez em mulheres adolescentes: a ótica de familiares

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fátima Raquel Rosado Morais

    2002-08-01

    Full Text Available Estudo descritivo, em que se objetivou conhecer a ótica de familiares acerca da situação da gravidez de uma adolescente do grupo. O estudo foi desenvolvido no município de Mossoró-RN, no Conjunto Liberdade II. Quatorze famílias participaram do estudo e a amostra de familiares de adolescentes grávidas ficou constituida por dezenove pessoas: treze mães, uma avó, duas sogras, um pai. um padrasto e um sogro. Entre os resultados do estudo, verificou-se que a preocupação com a imaturidade física e emocional das adolescentes grávidas e as questões de ordem econômica predominaram nos discursos de grande parte dos familiares; que a crise situacional intrafamiliar parecia resolver-se com o evolver da gestação e ter solução mais rápida quando a adolescente estabelecia uma união consensual com o parceiro afetivo-sexual; e que, mesmo vivendo uma crise, o comportamento de solidariedade dos familiares superou as reações emocionais negativas e os conflitos interpessoais iniciais.

  3. Reincidência da gravidez em adolescentes de Teresina, PI, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Inez Sampaio Nery

    2011-02-01

    Full Text Available A gravidez na adolescência é um problema de saúde pública, tornando-se mais grave em virtude da reincidência. De 1,1 milhões de parturientes adolescentes, 25% tem um filho. Objetivou-se analisar os fatores sócio-econômico-cultural e obstétrico da reincidência de gravidez na adolescência em Teresina, PI, Brasil por meio de um estudo interrelacional retrospectivo. A amostra incluiu 464 jovens que finalizaram uma gestação no primeiro quadrimestre de 2006. Destas, 47,6% encontrava-se em união consensual; 69,6% fora da escola; 86,9% com escolaridade inadequada para a idade; 72,2% sem trabalho remunerado. Este perfil evidencia a escassez de políticas públicas que contemplem o adolescente. A elaboração e efetivação dessas políticas deveriam incluir família, escola e comunidade para redução dos indicadores de gravidez e doenças sexualmente transmissíveis

  4. Reincidência da gravidez em adolescentes de Teresina, PI, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Inez Sampaio Nery

    Full Text Available A gravidez na adolescência é um problema de saúde pública, tornando-se mais grave em virtude da reincidência. De 1,1 milhões de parturientes adolescentes, 25% tem um filho. Objetivou-se analisar os fatores sócio-econômico-cultural e obstétrico da reincidência de gravidez na adolescência em Teresina, PI, Brasil por meio de um estudo interrelacional retrospectivo. A amostra incluiu 464 jovens que finalizaram uma gestação no primeiro quadrimestre de 2006. Destas, 47,6% encontrava-se em união consensual; 69,6% fora da escola; 86,9% com escolaridade inadequada para a idade; 72,2% sem trabalho remunerado. Este perfil evidencia a escassez de políticas públicas que contemplem o adolescente. A elaboração e efetivação dessas políticas deveriam incluir família, escola e comunidade para redução dos indicadores de gravidez e doenças sexualmente transmissíveis

  5. Reincidência de gravidez em adolescentes Subsequent pregnancy among adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Zenilda Vieira Bruno

    2009-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: avaliar os aspectos epidemiológicos na reincidência de gravidez na adolescência. MÉTODOS: estudo de coorte que incluiu 187 adolescentes grávidas, atendidas e acompanhadas durante cinco anos após o parto em um serviço de atendimento de adolescentes do Estado do Ceará. Foram analisados: faixa etária, estar ou não estudando, morar com os pais, escolaridade, condição marital e condição do companheiro atual. Os dados foram digitados e analisados no programa EPI-INFO. Foram feitas análises estatísticas das variáveis independentes (idade, escolaridade, estudar, trabalhar, morar com os pais, estado civil e mudança de parceiro e comparadas quanto à variável dependente (ter ou não uma nova gravidez cinco anos depois. O teste exato de Fisher foi utilizado para avaliar associação entre os fatores que poderiam influenciar a repetição da gravidez, considerado como tendo associação quando o pPURPOSE: to evaluate epidemiological aspects in recurrent adolescence pregnancy. METHODS: cohort study including 187 pregnant adolescents attended and followed-up for five years after delivery in an adolescent's attendance service in Ceará state. Age group, being or not at school, living with parents, schooling, marital status and the present partner's condition were analyzed. Data were processed by the EPI-INFO program. Statistical analysis of the independent variables (age, schooling, being at school, having a job, living with parents, marital status and switching partners was done and compared to the dependent variable (being or not pregnant after five years. The Fisher's exact test was used to evaluate the association among factors which could influence the pregnancy recurrence, the association being present when p<0.05. Risks related to schooling, marital status and multiple partners have been calculated, since these were significant factors for pregnancy recurrence. RESULTS: 61% of the adolescents got pregnant in the five years

  6. Autonomia, gênero e gravidez na adolescência: uma análise comparativa da experiência de adolescentes e mulheres jovens provenientes de camadas médias e populares em Belo Horizonte

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alessandra Sampaio Chacham

    2012-12-01

    Full Text Available Neste trabalho, investiga-se como desigualdades de classe e de gênero atuam no sentido de reduzir o grau de autonomia de adolescentes (15 a 19 anos e mulheres jovens (20 a 24 anos, influenciando seu comportamento sexual e reprodutivo, especificamente na experiência da gravidez na adolescência. Na análise foram utilizados dados provenientes de dois inquéritos, cuja amostra total foi de 648 jovens do sexo feminino entre 15 e 24 anos de idade, 292 residentes em bairros de classe média e 356 em favelas situados na região centro-sul da cidade de Belo Horizonte, Brasil. Nos resultados, encontrou-se uma prevalência bruta de 27,3% de gravidez até os 19 anos entre as jovens residentes em favelas e de 1,7% entre as moradoras em bairros da região centro-sul de Belo Horizonte. Os dados apontam para uma relação direta entre a gravidez na adolescência com o controle e a violência por parte do parceiro. Entre aquelas residentes em favelas, 48% das que declararam ter sofrido violência física por parte de um parceiro e 58% das que declararam ter sofrido violência sexual haviam engravidado ao menos uma vez antes dos 19 anos. A associação da violência de gênero com a gravidez na adolescência se manteve presente mesmo quando controlada por classe social, ainda que seu peso fosse muito mais pronunciado entre as jovens de baixa renda. Esses resultados reforçam a importância de se aprofundar a compreensão acerca do impacto das desigualdades de classe e gênero no comportamento sexual e reprodutivo de adolescentes e mulheres jovens.

  7. Aspectos da sexualidade e gravidez em adolescentes com artrite idiopática juvenil (AIJ Sexuality aspects and pregnancy of adolescents with juvenile idiopathic arthritis (JIA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Clovis Artur Almeida Silva

    2005-06-01

    Full Text Available O presente trabalho tem como objetivo descrever aspectos da sexualidade, gravidez e pós-parto de três adolescentes com artrite idiopática juvenil (AIJ. No período entre 1983 e 2004, 4.638 pacientes foram acompanhados na Unidade de Reumatologia Pediátrica do Departamento de Pediatria da FMUSP, entre os quais 537 (11,5% apresentaram o diagnóstico de AIJ (critérios do ILAR. Entre os pacientes com AIJ, três engravidaram durante o seguimento ambulatorial. A idade da primeira atividade sexual variou de 16 a 18 anos. A paciente 1 apresentou uma gestação gemelar a termo, permanecendo em atividade da doença durante toda a gravidez, em uso de 15mg/dia de prednisona. As pacientes 2 e 3 encontravam-se em remissão da doença, sem uso de medicamentos, apresentando gestação a termo sem intercorrências. A paciente 2, porém, evoluiu com recidiva da doença um ano após o parto. Todos os recém-nascidos foram adequados para idade gestacional e evoluíram adequadamente no período neonatal. Apenas a paciente 1 necessitou de prednisona, naproxeno e cloroquina na amamentação. O aumento da gravidez na adolescência é uma realidade nos serviços de reumatologia pediátrica, o que impõe novos debates sobre os aspectos da sexualidade e contracepção nessa população.The objective of the present study is to describe the sexuality aspects, pregnancy and postpartum in three adolescents with juvenile idiopathic arthritis (JIA. From 1983 to 2004, 4,638 patients were followed at the Pediatric Rheumatology Unit of the Pediatric Department of FMUSP, of which 537 (11.5% were diagnosed with JIA (ILAR criteria and three of these patients became pregnant during the follow-up period. The age at their first sexual intercourse ranged from 16 to 18 years old. Patient 1 presented a twin pregnancy, with active disease throughout pregnancy, and was on 15 mg of prednisone per day. Patients 2 and 3 were at disease remission, with no drug treatment, and had full

  8. Reincidência da gravidez em adolescentes de Teresina, PI, Brasil Reincidencia del embarazo en adolescentes de Teresina, PI, Brasil Relapse into preganancy in adolescents from Teresina, PI, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Inez Sampaio Nery

    2011-02-01

    Full Text Available A gravidez na adolescência é um problema de saúde pública, tornando-se mais grave em virtude da reincidência. De 1,1 milhões de parturientes adolescentes, 25% tem um filho. Objetivou-se analisar os fatores sócio-econômico-cultural e obstétrico da reincidência de gravidez na adolescência em Teresina, PI, Brasil por meio de um estudo interrelacional retrospectivo. A amostra incluiu 464 jovens que finalizaram uma gestação no primeiro quadrimestre de 2006. Destas, 47,6% encontrava-se em união consensual; 69,6% fora da escola; 86,9% com escolaridade inadequada para a idade; 72,2% sem trabalho remunerado. Este perfil evidencia a escassez de políticas públicas que contemplem o adolescente. A elaboração e efetivação dessas políticas deveriam incluir família, escola e comunidade para redução dos indicadores de gravidez e doenças sexualmente transmissíveisEl embarazo en la adolescencia es un problema de salud pública, tornándose más grave en virtud de la reincidencia. De 1,1 millones de parturientes adolescentes, 25% ya tienen un hijo. Objetivamos analizar los factores socios económicos culturales y obstétricos de la reincidencia del embarazo en la adolescencia en Teresina, PI, Brazil por medio de un estudio interrelacional retrospectivo. La muestra incluye 464 jóvenes que finalizaron una gestación en el primer cuadrimestre de 2006. De estas, 47,6% estaban en unión consensual; 69.6% fuera de la escuela; 86,9% con escolaridad inadecuada para la edad; 72,2% sin trabajo remunerado. Este perfil evidencia la escasez de políticas públicas que contemplen el adolescente. La elaboración y efectuación de esas políticas deberían incluir la familia, la escuela y la comunidad para reducción de los indicadores de embarazo y enfermedades sexualmente transmisiblesPregnancy in adolescence is a public health problem, and relapse rates make it even more serious. Out of 1,1 million parturient adolescents, 25% have a child already. We

  9. Produção de sentidos entre adolescentes sobre o cuidado de si na gravidez

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nayara Bueno de Araujo

    2016-06-01

    Full Text Available No pré-natal, profissionais comumente desconsideram a rede de produção de sentidos de adolescentes sobre o cuidado de si na gravidez. Busca-se evidenciá-la em uma situação concreta, com foco nas fontes e comunidades de referência para adolescentes de áreas pobres de Cuiabá-MT, Brasil, sintetizadas em um mapa. Trata-se de estudo qualitativo, realizado entre 2014-2015, com 12 adolescentes grávidas, por meio de: grupo focal, entrevista individual, consulta a prontuários e análise baseada em preceitos e categorias da Análise de Discurso Crítica. A principal comunidade discursiva de referência das adolescentes é a família, embora profissionais de saúde, mídia e conhecidos também intermedeiem a construção de seus discursos. A cultura biomédica e o cuidado, como controle de riscos via comportamentos, são, respectivamente, as fontes e as vozes mais relevantes dentre outras concorrentes. Entender essas peculiaridades propicia ao profissional buscar melhores formas de relacionar-se com adolescentes e ampliar sua autonomia.

  10. Prevenção da reincidência de gravidez em adolescentes: efeitos de um Programa de Planejamento Familiar Prevención de la reincidencia del embarazo en adolescentes The effectiveness of an educational family planning program in preventing the recurrence of teen pregnancy: efectos de un programa de planificación familiar

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciana Mendes Berlofi

    2006-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: avaliar os efeitos de um programa educativo e assistencial frente a reincidência de gestação em adolescentes. MÉTODOS: estudo descritivo e retrospectivo, realizado no setor de Planejamento Familiar da Universidade Federal de São Paulo a partir de dados coletados em 264 prontuários de adolescentes que tinham como antecedente ao menos uma gravidez anterior a matrícula. RESULTADOS: os dados revelam que a menarca ocorreu, em média, aos 12,2 anos, a sexarca aos 15 e a primeira gravidez um ano após. Ao se matricularem no programa 73,5% possuíam uma gestação e 2% duas. O condom e os hormonais foram os contraceptivos mais utilizados. A reincidência de gravidez foi observada em 4,9% das adolescentes. CONCLUSÕES Os dados encontrados reforçam a importância do oferecimento de programas de planejamento familiar, que englobem a educação e a assistência com oferta do método contraceptivo, voltados a adolescentes.OBJETIVO: evaluar los efectos de un programa educativo y asistencial frente a la reincidencia de embarazo en adolescentes. MÉTODOS: estudio descriptivo y retrospectivo, realizado en el sector de Planificación Familiar de la Universidad Federal de Sao Paulo a partir de datos recolectados en 264 historias clínicas de adolescentes que tenían como antecedente al menos un embarazo anterior a la matrícula. RESULTADOS: los datos revelan que la menarquia ocurrió, en promedio, a los 12,2 años, la primera relación a los 15 y el primer embarazo un año después. Al matricularse en el programa el 73,5% poseían una gestación y el 2% dos. El condón y las hormonas fueron los anticonceptivos más utilizados. La reincidencia de embarazo fue observada en el 4,9% de las adolescentes. CONCLUSIONES: los datos encontrados refuerzan la importancia del ofrecimiento de programas de planificación familiar que abarquen la educación y la asistencia con la oferta de métodos anticonceptivos volcados a las adolescentes.OBJECTIVE: to

  11. Algumas repercussões emocionais negativas da gravidez precoce em adolescentes do Município do Rio de Janeiro (1999-2001 Some emotional repercussions of adolescent pregnancy in Rio de Janeiro, Brazil (1999-2001

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriane Reis Sabroza

    2004-01-01

    Full Text Available Analisou-se a associação entre gravidez precoce e as repercussões emocionais negativas para a adolescente, segundo variáveis sócio-demográficas e psicossociais. Foram entrevistadas 1.228 adolescentes em maternidades do Município do Rio de Janeiro. Avaliou-se as repercussões emocionais por meio das variáveis autovalorização negativa, pouca ou nenhuma expectativa frente ao futuro e sofrimento psíquico. O teste do chi2 e a Odds Ratio foram usadas para análise dos dados. As adolescentes que referiram uma reação negativa da família se sentiram menos valorizadas (OR 1,8, com poucas expectativas em relação ao futuro (OR 2,3 e manifestaram grande sofrimento psíquico (OR 1,5. As que estavam fora da escola quando engravidaram tiveram também uma pior autovalorização (OR 1,9 e menores expectativas em relação ao futuro (OR 2,2. Um grande nível de sofrimento psíquico relacionou-se inversamente à freqüência ao pré-natal (0,7. Pode-se concluir que o suporte familiar, independente da condição social de origem, foi identificado neste estudo como o principal fator minimizador das repercussões emocionais negativas da gestação na adolescência.This study analyzed the association between early pregnancy and negative emotional repercussions for adolescents, according to socio-demographic and psychosocial variables. The study interviewed 1,228 adolescents in maternity hospitals in the City of Rio de Janeiro. Emotional repercussions were evaluated with negative self-assessment variables, showing little or no expectation towards the future, as well as psychological distress. The chi2 test and odds ratio were used to analyze the data. Adolescents who reported a negative reaction by the family felt less valued (OR 1.8, with little expectation towards the future (OR 2.3, and presented major psychological distress (OR 1.5. Those not enrolled in school when they became pregnant also showed worse self-esteem (OR 1.9 and fewer expectations

  12. Gravidez em adolescentes de uma unidade municipal de saúde em Fortaleza - Ceará Embarazo en adolescentes de una unidad municipal de salud en Fortaleza - Ceára (Brasil Pregnancy in adolescents of a city health unit in Fortaleza - Ceára (Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Conceição de Maria Arcanjo

    2007-09-01

    Full Text Available Estudo quantitativo com objetivo de conhecer a gravidez na adolescência em unidade municipal de saúde, Fortaleza-CE. A amostra foi composta por 40 adolescentes. Como resultado, encontramos: 20% estavam entre 14 e 15 anos, 7,5% eram solteiras, 5%, casadas, 7,5% tinham união consensual; 60% tinham entre 16 e 17 anos, 5% eram solteiras, 7,5%, casadas, 47,5% tinham união consensual; 20% tinham entre 18 e 19 anos, 12,5% eram solteiras, 7,5%, casadas. E, ainda: 17,5% tiveram experiência do aborto, 50% deixaram de estudar por causa da gravidez, 25% não gostam de estudar, 20% não acham importante, 57,5% iniciaram pré-natal com três a quatro meses de gestação, 80% dos pais assumem a paternidade, 70% delas continuavam morando com a família, 70% receberam orientações sobre gravidez, 60% não utilizavam método contraceptivo, 37,5% desejam ser dona de casa, 27,5% não têm planos para o futuro. Concluímos que as adolescentes engravidam em faixa etária precoce, não percebem os riscos inerentes à gravidez e deixam de lado o estudo, lazer, vaidade ou mesmo perspectivas para o futuro. A nosso ver, o estudo pode contribuir para o redimensionamento do trabalho com adolescentes na unidade local do estudo.Estudio cuantitativo con el objetivo de conocer el embarazo en la adolescencia de una unidad municipal de salud, Fortaleza CE (Brasil. La muestra fue compuesta por 40 adolescentes. Como resultado encontramos: 20% estaban entre 14-15 años, 7,5% solteras, 5% casadas, 7,5% unión consensual; 60% entre 16 y 17años, 5% solteras, 7,5% casadas, 47,5% unión consensual; 20% entre 18-19 años, 12,5% solteras, 7,5% casadas. Y todavía 17,5% tuvieran experiencia del aborto, 50% dejaron de estudiar debido el embarazo, 25% no les gusta estudiar, 20% no encuentra importante, 57,5% empezaron prenatal con tres a cuatro meses de la gestación, 80% de los padres asumen la paternidad, 70% continúan viviendo con la familia, 70% recibieran las orientaciones en el

  13. Fatores associados à recorrência da gravidez na adolescência em uma maternidade escola: estudo caso-controle Factores asociados con la recurrencia de embarazos de adolescentes en una maternidad escuela: estudio de casos y controles A case-control study of factors associated with repeat teen pregnancy based on a sample from a university maternity hospital

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leila Katz

    2013-03-01

    Full Text Available Recorrência da gravidez na adolescência é uma situação frequente, sendo considerada como um fator agravante tanto para o aumento da morbidade materna e fetal quanto para aumento de problemas sociais. O objetivo desta pesquisa foi identificar fatores associados à recorrência de gravidez em adolescentes. Realizou-se estudo caso-controle com puérperas, incluindo 90 adolescentes com mais de uma gravidez (caso e 90 adultas, mulheres que tiveram uma gestação na adolescência, mas que não recorreram (controle. Para análise estatística, utilizou-se regressão logística hierarquizada, com nível de significância de 5%. Os fatores que permaneceram associados à recorrência da gravidez na adolescência foram: coitarca La recurrencia del embarazo en la adolescencia es una situación frecuente, siendo considerada como un factor agravante, tanto para el aumento de la morbilidad materna y fetal, como para el aumento de problemas sociales. El objetivo de esta investigación fue identificar factores asociados a la recurrencia de embarazo en adolescentes. Se realizó un estudio de caso-control con puérperas, incluyendo 90 adolescentes con más de un embarazo (caso y 90 adultas, mujeres que tuvieron una gestación en la adolescencia, pero que no recurrieron (control. Para el análisis estadístico, se utilizó la regresión logística jerarquizada, con un nivel de significancia de un 5%. Los factores que permanecieron asociados a la recurrencia de embarazo en la adolescencia fueron: coitarca Repeat teen pregnancy is a frequent issue and is considered an aggravating factor for increased maternal and fetal morbidity and social problems. The aim of the study was to identify factors associated with repeat teen pregnancy. A case-control study was conducted in 90 postpartum adolescents with more than one pregnancy (cases and 90 adult women with a history of only one pregnancy during adolescence (controls. Statistical analysis used hierarchical logistic

  14. Existential phenomenology as a possibility to understand pregnancy experiences in teenagers La fenomenologia existencial como posibilidad de comprensión de las vivencias del embarazo en adolescentes A fenomenologia existencial como possibilidade de compreensão das vivências da gravidez em adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Salete Bessa Jorge

    2006-12-01

    Full Text Available The research had as objective to comprehend the sense of pregnancy to the teenager pregnant trying to get the way of being and having be pregnant. It was done four in-deep interviews, using the core question: How do you feel being pregnant? The speeches and their meanings were analysed by the light of Heidegger's Phenomenology. In getting closer to the phenomena we get the way impersonal and not authentic of teenagers, the co-presence in relation to the boyfriend and family. They shown, still the dread by the child and by his health, worrying with the future that around the care, due they deem themselves not to have the ability to this, which causes the anguish and anxiety of daily life, in the new way of being. The comprehension of this phenomena is fundamental in the care to the teenager pregnant to a full and humanized action.La investigación ha tenido como objetivo comprender el sentido del embarazo para la adolescente embarazada, intentando captar el "modo-de-ser" y su nuevo "siendo-en el-mundo-estando-embarazada". Han sido realizadas cuatro entrevistas en profundidad, utilizando la cuestión que nos guia: ¿Cómo es para ti estar embarzada? Los discursos y sus significados han sido analizados a la luz de la Fenomenología heideggeriana. Ha quedado demostrado además el temor por el hijo y por la salud del mismo, y la preocupación con el futuro que involucra el cuidar, justamente porque juzgan que no poseen habilidades para ello. Eso favorece la angustia y la ansiedad propias de su cotidiano, en el nuevo-modo-de-ser de la presencia. La comprensión de este fenómeno es fundamental en el cuidado de la adolescente embarazada, para lograr una acción integral y humanizada en el control y la promoción de la salud del binomio madre-hijo.A pesquisa teve como objetivo compreender o sentido da gravidez, para a adolescente grávida, tentando captar o modo-de-ser e seu novo-sendo-no-mundo-estando-grávida. Foram realizadas quatro entrevistas em

  15. Experiences of teenage pregnancy explained from the social standpoint Experiencias y vivencias del embarazo en adolescentes explicadas desde lo social Experiências e vivências da gravidez em adolescentes explicadas desde uma perspectiva social

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    DURÁN DE VILLALOBOS MARÍA MERCEDES

    2008-12-01

    conceptual y referencial desde lo social, interpretando la experiencia y la vivencia, permitirá a la enfermera comprender este fenómeno cuando dichas experiencias involucran o ponen en riesgo la salud de la adolescente gestante, máxime que la práctica clínica de enfermería se ha estudiado primariamente desde una perspectiva sociológica, pues comparte una importancia social destacada y un fin social, centrada en facilitar, apoyar y atender a los individuos, familias, comunidades y/o sociedades para realzar, mantener y recuperar la salud, y reducir y aliviar los efectos de la enfermedad, con el resultado explícito de promover la calidad de vida relacionada con la salud dentro de contextos ambientales inmediatos y más amplios.Descrever e explicar as experiências e vivências das adolescentes grávidas com um olhar sobre o social, como um contexto para o fornecimento de cuidados integral, individualizado e contextualizado, é um aspecto essencial para a prática da enfermagem, e tratar esse fenômeno como fato social exige assimilar as realidades do mundo social àquelas do mundo exterior, obedecendo ao princípio baseado no desconhecimento sobre o queelassão,reconhecendoque ofatosocialnão pode sermodificado por um simples decreto da vontade, mas que ele precisa um esforço laborioso, considerando a experiência desde o interno e externo. Apresentar uma estrutura conceitual e referencial desde o social, interpretando a experiência e a vivência, permitirá a enfermeira compreender esse fenômeno quando aquelas experiências envolvem ou põem em risco a saúde da gestante adolescente, nomeadamente, quando a prática clínica da enfermagem tem sido estudada primeiro desde uma perspectiva sociológica, sendo que compartilha uma importância social relevante e um fim social, focada em facilitar, apoiar e atender os indivíduos, famílias, comunidades e/ou sociedades para levantar, manter e recuperar a saúde, e reduzir e aliviar os efeitos da doença, com o resultado

  16. Experiencias y vivencias del embarazo en adolescentes explicadas desde lo social Experiências e vivências da gravidez em adolescentes explicadas desde uma perspectiva social Experiences of teenage pregnancy explained from the social standpoint

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    VIRGINIA INÉS SOTO

    2008-12-01

    ência desde o interno e externo. Apresentar uma estrutura conceitual e referencial desde o social, interpretando a experiência e a vivência, permitirá a enfermeira compreender esse fenômeno quando aquelas experiências envolvem ou põem em risco a saúde da gestante adolescente, nomeadamente, quando a prática clínica da enfermagem tem sido estudada primeiro desde uma perspectiva sociológica, sendo que compartilha uma importância social relevante e um fim social, focada em facilitar, apoiar e atender os indivíduos, famílias, comunidades e/ou sociedades para levantar, manter e recuperar a saúde, e reduzir e aliviar os efeitos da doença, com o resultado explícito de promover as qualidade de vida lincada à saúde dentro de contextos ambientais imediatos e mais amplos.Describing and explaining from the social standpoint the experiences of pregnant teenagers, as the context for the provision of integral care, individualized and contextualized, is necessary for nursing practicing, and to address this phenomenon as a social fact, it is imperative to assimilate the realities of the social world to those of the world outside, adopting the principle that what they are is completely ignored, recognizing that the social fact cannot be modified by a simple will decree, but that it demands an extensive effort, considering the experience from outside and within. To present a conceptual and referential fra-mework from the social standpoint, interpreting the experience will enable the nurse to understand this phenomenon when such experiences involve or put at risk the pregnant adolescent, all the more since the clinic nursing practice has been studied primarily from a sociological perspective, since it shares a significant social importance and a social objective focused on facilitating, supporting and attending to individuals, families, communities and/or societies to enhance, maintain and recuperate health and to reduce and alleviate the effects of disease, with the explicit

  17. Complicações obstétricas, eventos estressantes, violência e depressão durante a gravidez em adolescentes atendidas em unidade básica de saúde Obstetric complications, stressful life events, violence and depression during pregnancy in adolescents at primary care setting

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Priscila Krauss Pereira

    2010-01-01

    Full Text Available CONTEXTO: A depressão é um transtorno psiquiátrico comum entre as adolescentes grávidas e está associada a diversos fatores de risco. OBJETIVOS: Estimar a prevalência da depressão em adolescentes grávidas e identificar os principais fatores de risco. MÉTODOS: Dados seccionais foram coletados de 120 gestantes adolescentes atendidas em uma unidade básica de saúde do Rio de Janeiro. Os instrumentos utilizados foram o Composite International Diagnostic Interview (CIDI, para diagnosticar a depressão; a escala Stressful Life Events, para avaliar a presença de eventos estressantes; o Abuse Assessment Screen (AAS, para o rastreamento de violência contra a mulher durante a gestação. RESULTADOS: A prevalência de depressão gestacional foi de 14,2% (IC: 8,7-21,9, sendo os principais fatores associados: história anterior de depressão, sangramento anômalo e hospitalização na atual gravidez, história de acidente, incêndio ou catástrofe e maus-tratos durante a vida. CONCLUSÕES: Os resultados reforçam que a investigação dos fatores de risco, o diagnóstico e o tratamento da depressão devem ser parte integrante do atendimento pré-natal a adolescentes grávidas.BACKGROUND: Depression is a common psychiatric disorder among pregnant adolescents and it is associated with several risk factors. OBJECTIVES: This study aimed to assess the prevalence and associated factors of depression in pregnant adolescents. METHODS: Sectional data were collected among 120 pregnant adolescents attending in a basic health unit in Rio de Janeiro. The following research instruments were used: the Composite International Diagnostic Interview (CIDI to diagnose depression, the Stressful Life Events to assess stressful life events, the Abuse Assessment Screen (AAS to screening violence against woman during pregnancy. RESULTS: The prevalence of gestational depression was 14.2% (CI 95% 8.7-21.9 and associated factors were: history of depression before pregnancy

  18. “Mi mente decía no… mi cuerpo decía sí…”: el camino en decidir embarazarse las adolescentes escolarizadas My mind said no… my body said yes…”: Pregnancy in school adolescents Minha mente falava não… mas meu corpo falava sim…”: Gravidez em adolescentes escolarizadas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    VÁSQUEZ TRUISSI MARTHA LUCÍA

    2009-12-01

    was carried out during one year in a public educational institution from the District of Aguablanca in Cali, Colombia. Key informants were six school adolescents who have become mothers and as general informants, fifteen men, fifteen non-pregnant women, ten teachers and thirteen parents. In depth interviews took place and focus groups until data saturation. The Spradley method was used for the analysis. Based on ethnosemantic, four domains were identified which were related with gender, culture, education and the decision to get pregnant. Additionally, from the domain study, one was able to identify and group four cultural topics related with the meaning of being a woman during the adolescence, establishment of gender relations, family planning and the reality in respect of the disappointment of parents and frustration of the life project. Adolescents move in cultural environments of freedom, space and temporality that predispose them and rush them not only to live sexuality rapidly, but also to move from romantic love to passionate love.A sexualidade, como dimensão transcendental do ser humano, é afetada com a cultura onde convergem significados e símbolos que expressam como as e os adolescentes a vivem desde sua cosmovisão. Essa pesquisa descreve, com base na perspectiva dos roles de gênero, os processos de tomada de decisões ante a gravidez das e dos adolescentes escolarizados. O estudo foi uma etnografia focalizada, que se realizou durante um ano numa instituição educativa pública do Distrito de Aguablanca em Cali, Colômbia. Participaram como informantes chaves seis adolescentes mães escolarizadas e, como informantes gerais, quinze homens, quinze mulheres não grávidas, dez professores e treze pais de família. A pesquisa inclui entrevistas em profundidade e focus groups até atingir saturação de dados. O método utilizado para a análise foi o método Spradley. A partir da etnosemántica se identificaram quatro domínios relacionados com o g

  19. " Mi mente decía no... mi cuerpo decía sí...": embarazo en adolescentes escolarizadas Minha mente falava não... mas meu corpo falava sim..." : Gravidez em adolescentes escolarizadas My mind said no... my body said yes...": Pregnancy in school adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    MARÍA ENRIQUETA CORTÉS ORTIZ

    Full Text Available La sexualidad, como dimensión trascendental del ser humano, se afecta con la cultura donde están inmersos significados y símbolos que expresan cómo la viven los adolescentes desde su cosmovisión. Esta investigación describe, desde la perspectiva de los roles de género, los procesos de construcción de decisiones frente al embarazo de los adolescentes escolarizados. El estudio fue una etnografía focalizada, que se realizó durante un año en una institución educativa pública del Distrito de Aguablanca en Cali, Colombia. Participaron como informantes claves seis adolescentes madres escolarizadas y, como informantes generales, quince hombres, quince mujeres no embarazadas, diez profesores y trece padres de familia. Se realizaron entrevistas en profundidad y grupos focales hasta la saturación de datos. Para el análisis se utilizó el método de Spradley. A partir de la etnosemántica se identificaron cuatro dominios relacionados con el género, la cultura, la educación y la decisión de embarazarse. Adicionalmente, a partir del estudio de los dominios se pudieron identificar y agrupar cuatro temas culturales relacionados con el significado de ser mujer durante la adolescencia, el establecimiento de las relaciones de género, la planificación familiar y la realidad frente a la decepción de los padres y la frustración del proyecto de vida. Los adolescentes se desenvuelven en entornos culturales de liberalidad, espacialidad y temporalidad que los predisponen y precipitan no solo a vivir con celeridad la sexualidad, sino a transitar del amor romántico al amor apasionado.A sexualidade, como dimensão transcendental do ser humano, é afetada com a cultura onde convergem significados e símbolos que expressam como as e os adolescentes a vivem desde sua cosmovisão. Essa pesquisa descreve, com base na perspectiva dos roles de gênero, os processos de tomada de decisões ante a gravidez das e dos adolescentes escolarizados. O estudo foi uma

  20. Biografias de gravidez e maternidade na adolescência em assentamentos rurais no Rio Grande do Sul

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Joannie dos Santos Fachinelli Soares

    2011-08-01

    Full Text Available Buscou-se conhecer e compreender as vivências de gestação e maternidade na adolescência em assentamentos rurais. O estudo desenvolveu-se a partir de uma abordagem qualitativa, sustentando-se no método biográfico. As testemunhas foram mulheres que vivenciaram gravidez e maternidade na adolescência. A coleta de dados foi realizada em Janeiro e Fevereiro de 2009, por meio de entrevista biográfica temática. As biografias mostram trajetórias familiares de instabilidade e mudanças constantes, além de habitação e emprego precários. A aceitação da gravidez pelas famílias das adolescentes está diretamente ligada à condição do companheiro em assumir a paternidade da criança e a mãe adolescente como companheira ou esposa. As mudanças na vida pessoal decorrentes da gravidez e maternidade relatadas com mais frequência, foram perda de liberdade e aumento de responsabilidade. No plano das instituições, constata-se a ausência de políticas públicas e, consequentemente, de serviços dirigidos e adequados às especificidades de saúde nos assentamentos rurais.

  1. Conflitos vivenciados pelas adolescentes com a descoberta da gravidez Conflictos vivenciados por las adolescentes con el descubrimiento del embarazo Conflicts experienced by female adolescents with the discovery of pregnancy

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Thereza Maria Magalhães Moreira

    2008-06-01

    Full Text Available O estudo investigou os conflitos vivenciados pelas adolescentes com a descoberta da gravidez. A pesquisa descritiva com 12 adolescentes grávidas foi realizada em Jucás-Ceará. Os achados foram analisados após agrupamento em categorias temáticas emergidas das falas das entrevistadas ao responderem à indagação: Como tem vivenciado a gravidez na adolescência? Verificou-se que a gravidez era vista como um problema indesejado e que as adolescentes tinham medo de partilhar sua descoberta com a família ou o companheiro. Foram observadas reações dos pais ou responsáveis e o baixo nível socioeconômico como determinantes da não aceitação da gestação. Concluiu-se que a gravidez na adolescência constitui-se um problema de Saúde Pública, que deve ser visualizado amplamente, percebendo-se a adolescente e seus problemas cotidianos.En el estudio se investigó los conflictos vivenciados por las adolescentes al descubrir su embarazo. Esta investigación descriptiva realizada con 12 adolescentes embarazadas se llevó a cabo en Jucás-Ceará. Los hallazgos fueron analizados después del agrupamiento en categorías temáticas que emergieron de los discursos de las entrevistadas al responder a la pregunta: Cómo has vivenciado el embarazo en la adolescencia? Se verificó que el embarazo era visto como un problema indeseado y que las adolescentes tenían miedo de compartir su descubrimiento con la familia o el compañero. Fueron observadas reacciones de los padres o responsables y el bajo nivel socioeconómico como determinantes de la no aceptación de la gestación. Se concluyó que el embarazo en la adolescencia se constituye en un problema de Salud Pública, que debe ser visualizado ampliamente, percibiéndose a la adolescente y sus problemas cotidianos.This descriptive research with 12 pregnant teenagers was conducted in Jucás, State of Ceará. The findings were analyzed after being grouped in the thematic categories that emerged from the

  2. Infecção pelo Papilomavírus Humano em Adolescentes: Relação com o Método Anticoncepcional, Gravidez, Fumo e Achados Citológicos Human Papillomavirus Infection in Adolescents: Relation to Contraceptive Method, Pregnancy, Smoking, and Cytologic Findings

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eddie Fernando Candido Murta

    2001-05-01

    Full Text Available Objetivo: avaliar a influência da gravidez, do hábito de fumar, do método anticoncepcional e quais os achados citológicos mais freqüentes em adolescentes com infecção pelo HPV. Métodos: foram analisadas retrospectivamente 54.985 citologias de pacientes atendidas entre julho de 1993 e dezembro de 1998. Deste total, 6.498 exames (11,8% eram de pacientes com idade inferior a 20 anos, sendo que 326 (5,9% apresentavam sinais citológicos de infecção por HPV, associada ou não a neoplasia intra-epitelial cervical (NIC grau I. O grupo controle foi composto por 333 pacientes na mesma faixa etária, sem sinais citológicos de infecção por HPV. Resultados: a infecção pelo HPV foi mais freqüente nas adolescentes que fazem uso de anticoncepcionais orais (16,9% versus 13,8%, pPurpose: to evaluate the influence of pregnancy, habit of smoking, and the contraceptive method in HPV infection and the frequency of cytologic findings in adolescent women with HPV infection. Methods: a total of 54,985 cytologic examinations of patients seen between July, 1993 and December, 1998 were retrospectively analyzed. Of this total, 6,498 (11.8% examinations were from patients under 20 years old. Of the total of 6,498 cytologic examinations, 326 (5.9% presented signs of HPV infection, with or without grade I cervical intraepithelial neoplasia (CIN. Patients with diagnosis of grade II and III CIN were excluded. The control group consisted of 333 patients paired by age, without cytological signs of HPV infection. Results: in adolescents, HPV infection was more frequent in oral contraceptive users (16.9% versus 13.8%, p<0.01 and in those who presented with clue cells in cytologic smears (22.4% versus 14.7%, p<0.001. The frequency of HPV infection in couples who used condom was 0% versus 2.1% in the control group (p<0.01. The difference in the number of pregnant women (41.1% versus 44.1% and smokers (21.8% versus 16.5% was not statistically significant. Conclusions

  3. TRANSCORRER DA GRAVIDEZ NA ADOLESCÊNCIA: ESTUDO LONGITUDINAL QUANDO OS FILHOS SÃO ADOLESCENTES

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nancy Ramacciotti de Oliveira-Monteiro

    2014-12-01

    Full Text Available Pesquisas sobre gravidez na adolescência (GA apontam heterogeneidade de causas associadas e consequências ao desenvolvimento das mães e filhos. Este artigo apresenta a quarta etapa de um estudo longitudinal com oito díades (mães/primeiros filhos nascidos na adolescência, no momento que os filhos têm 14 anos. O objetivo do estudo foi atualizar dados de condições psicossociais das díades. Entrevistas, observações nas moradias, ASR, CBCL e YSR foram instrumentos aplicados nas residências. Os resultados indicaram: prejuízos às trajetórias escolares e profissionais das mães; relações com a família de origem e posições paternas semelhantes às da época da gravidez; referências mais frequentes de uso de substâncias pelos pais; problemas de relacionamento entre mães e filhas. Melhores condições de desenvolvimento foram apresentadas em díades cujas relações com a família de origem e com o pai da criança foram boas. Maiores dificuldades foram verificadas naquelas díades com problemas nessas relações. A figura paterna indicou ser elemento diferencial na condição mais positiva ou negativa do desenvolvimento das díades (mães e filhos. Fica sugerida a continuidade da investigação longitudinal para quando os filhos forem adultos para permitir a verificação de possíveis impactos decorrentes da GA na trajetória de desenvolvimento em longo prazo.

  4. Cyberbullying em adolescentes brasileiros

    OpenAIRE

    Wendt, Guilherme Welter

    2012-01-01

    O cyberbullying é entendido como uma forma de comportamento agressivo que ocorre através dos meios eletrônicos de interação (computadores, celulares, sites de relacionamento virtual), sendo realizado de maneira intencional por uma pessoa ou grupo contra alguém em situação desigual de poder e, ainda, com dificuldade em se defender. Os estudos disponíveis até o presente momento destacam que o cyberbullying é um fator de risco para o desenvolvimento de sintomas de ansiedade, depressão, ideação s...

  5. Gravidez na adolescência: um novo olhar

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Diana Dadoorian

    Full Text Available A gravidez na adolescência constitui tema de grande relevância na realidade social brasileira. O enfoque tradicional relaciona a gravidez como indesejada e decorrente da desinformação sexual das jovens. O presente trabalho questiona essa posição, postulando a importância do significado individual da gravidez, que corre paralelo ao desejo universal de ter ou não ter um filho, bem como a noção de uma “gravidez social” determinada por fatores culturais e psicológicos que particularizam o significado da maternidade em adolescentes de classes populares. Conclui-se pela necessidade de reformulação das políticas públicas para com essa população.

  6. Adolescentes avaliando um projeto social em uma unidade básica de saúde

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lira Joseneide Barbosa de

    2004-01-01

    Full Text Available Esse trabalho se propõe a discutir a percepção de adolescentes sobre um projeto intitulado "Afetividade, Sexualidade e Regulação da Gravidez na Adolescência", do qual são participantes. Tal experiência é parte integrante das atividades do Projeto UNI/Natal, dedicado ao desenvolvimento da integração docente-assistencial e voltado para a criação de novos espaços de ensino, novos conteúdos e práticas acadêmicas e assistenciais. Buscamos apreender a percepção dos adolescentes em relação à qualidade dos serviços oferecidos e às condições geradoras e condicionantes da gravidez na adolescência, bem como identificar suas expectativas em relação ao programa, articulando-o ao seu perfil socioeconômico e cultural.

  7. Efeitos da entrevista motivacional em adolescentes infratores

    OpenAIRE

    Andretta,Ilana; Oliveira,Margareth da Silva

    2008-01-01

    A entrevista motivacional é uma intervenção breve, que visa estimular a mudança de comportamento. Foi aplicada, nesta pesquisa, em adolescentes usuários de drogas, identificando-se as modificações ocorridas após a mesma. A amostra foi constituída por 50 adolescentes usuários de drogas que cometeram ato infracional. Todos foram avaliados por meio de protocolo padrão, depois submetidos a cinco sessões de entrevista motivacional, e reavaliados posteriormente. Os resultados encontrados na reavali...

  8. Características da gravidez na adolescência em São Luís, Maranhão

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Simões Vanda Maria Ferreira

    2003-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Identificar as principais características socioeconômicas, demográficas, antropométricas e comportamentais, bem como os resultados perinatais da gravidez na adolescência. Conhecer os tipos de serviços de saúde utilizados pelas gestantes adolescentes. MÉTODOS: A amostra de 2.429 partos de mulheres residentes em São Luís, MA, abrangeu 94% dos nascimentos hospitalares. As mulheres foram separadas em seis grupos de idade para melhor avaliação do comportamento das variáveis entre os dois grupos de adolescentes (abaixo de 18 anos; 18 a 19 anos e entre as adolescentes e as demais mulheres. O teste do qui-quadrado foi utilizado para a comparação de proporções e a razão de prevalências foi empregada como medida de efeito. RESULTADOS: Das 2.429 mulheres, 714 eram adolescentes (29,4%. Seu coeficiente específico de fecundidade, 72,2 por mil, foi mais elevado que em outras regiões do País. As adolescentes apresentaram piores condições socioeconômicas e reprodutivas que as demais mulheres, maior proporção de pré-natal inadequado (39,2% e muitas não tinham companheiro (34,5%. Por outro lado, tiveram menor proporção de parto cesáreo (23,0% e de fumantes (3.5%. CONCLUSÕES: Apesar da situação socioeconômica igualmente desfavorável, as adolescentes de 18 a 19 anos apresentaram resultados perinatais semelhantes às mulheres de 25 a 29 anos. Já as menores de 18 anos tiveram maiores proporções de filhos com baixo peso ao nascer, prematuros e com maior risco de mortalidade infantil. Isto sugere que a imaturidade biológica possa estar associada a maiores taxas de prematuridade, baixo peso ao nascer e mortalidade infantil.

  9. Evolução da gravidez em adolescentes matriculadas no Serviço Pré-natal do Centro de Saúde Geraldo de Paula Souza, São Paulo (Brasil Evolution of pregnancy in adolescent mothers at the pre-natal clinic of the Health Centre Geraldo de Paula Souza, S. Paulo (Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Arnaldo Augusto Franco de Siqueira

    1981-10-01

    Full Text Available Foram estudados 136 casos de gestações em mulheres abaixo de 20 anos de idade, matriculadas em um serviço de pré-natal. Foi constatada incidência significativamente mais elevada de prematuridade e de baixo peso ao nascer, quando os resultados foram comparados aos de um grupo de gestantes matriculadas no mesmo serviço, Verificou-se ainda que o "status" sócio-econômico das gestantes adolescentes foi significativamente mais baixo. A incidência de cesáreas foi, também, significativamente menor, porém houve uma incidência maior de fórceps. O peso médio do recém-nascido foi significativamente menor na população estudada e, apesar de haver uma grande maioria de primigestas entre as adolescentes, a paridade não teve influência no peso do recém-nascido.A hundred and thirty six cases of pregnancy in women below the age of twenty, patients of a pre-natal clinic, were studied. There was found to be a significantly higher rate of premature births and of low-birth-weight, in comparison with a group of normal pregnant women, treated at the same clinic. It was also found that the socio-economic status of the pregnant teen-agers was considerably lower. The rate of cesarian sections was also considerably lower, but the rate of forceps was higher. The average weight of the newborn children was considerably lower in the population sample studied and despite there being a great majority of primipara among the adolescents, the factor parity had no influence on the weight of the newborn.

  10. Informação sobre contracepção e sexualidade entre adolescentes que vivenciaram uma gravidez Información sobre anticoncepción y sexualidad entre adolescentes que vivenciaron un embarazo Information about contraception and sexuality among adolescents who experienced a pregnancy

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Laís Norberta Bezerra de Moura

    2011-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Descrever as fontes de informação sobre sexualidade e contracepção utilizadas por adolescentes que vivenciaram uma gravidez. MÉTODOS: Estudo descritivo realizado por meio de entrevistas com aplicação de formulário em amostra de 285 adolescentes, durante internação, para tratamento clínico ou resolução de gravidez, em quatro maternidades de Teresina-PI, no período de janeiro a março de 2006. RESULTADOS: Antes de engravidar, 89,5% das adolescentes possuíam informações sobre contracepção e doenças sexualmente transmissíveis e 55% tinham alguém com quem se sentiam seguras para conversar sobre sexo e gravidez, sendo as amigas (36,6% a fonte de informação mais citada. Após a gestação, 75,5% delas receberam informações sobre contracepção e sexualidade, sendo o serviço de pré-natal (70,3% a principal fonte citada. CONCLUSÃO: Detectou-se mudança nas fontes de informação, após a gestação, caracterizada pela procura por fontes com embasamento científico.OBJETIVO: Describir las fuentes de información sobre sexualidad y anticoncepción utilizadas por adolescentes que vivenciaron un embarazo. MÉTODOS: Estudio descriptivo realizado por medio de entrevistas con la aplicación de un formulario en una muestra de 285 adolescentes, durante su internamiento, para tratamiento clínico o resolución de problemas del embarazo, en cuatro maternidades de Teresina-PI, en el período de enero a marzo del 2006. RESULTADOS: Antes de quedar embarazadas el 89,5% de las adolescentes poseían informaciones sobre anticoncepción y enfermedades sexualmente transmisibles y el 55% tenían alguien con quien se sentían seguras para conversar sobre sexo y embarazo, siendo las amigas (36,6% la fuente de información más citada. Después de la gestación el 75,5% de ellas recibieron informaciones sobre anticoncepción y sexualidad, siendo el servicio de pre-natal (70,3% la principal fuente citada. CONCLUSIÓN: Se detectó cambios en

  11. Preditores do Comportamento Antissocial em Adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernanda Lüdke Nardi

    Full Text Available RESUMO Este estudo investigou preditores do comportamento antissocial em 142 adolescentes em medida socioeducativa de internação (G1 e 691 estudantes de escolas públicas (G2, que responderam a um questionário. Foram observadas diferenças significativas entre os grupos quanto ao comportamento antissocial, violência intra e extrafamiliar, uso de drogas e eventos estressores, com médias mais altas em G1. Dentre as variáveis investigadas, grupo, uso de drogas e eventos estressores, juntamente com a covariável sexo, explicaram 66,5% da variável dependente. Um modelo de path analysis demonstrou que as variáveis sexo e ambiente estressor, computado pelos eventos estressores, qualidade do relacionamento familiar e violência intra e extrafamiliar predizem o uso de drogas e comportamentos antissociais.

  12. A PREVENÇÃO DA GRAVIDEZ NA ADOLESCÊNCIA NA VISÃO DE ADOLESCENTES

    OpenAIRE

    Milla Wildemberg Fiedler; Alisson Araújo; Márcia Christina Caetano de Souza

    2015-01-01

    El objetivo de esta investigación fue comprender la visión de los adolescentes con relación a la prevención del embarazo de adolescentes en una escuela en el municipio de Divinópolis, en Minas Gerais. Investigación descriptiva, de tipo exploratorio, con enfoque cualitativo, realizado con 14 adolescentes, por medio de entrevistas semiestructuradas. Los datos fueron analizados e interpretados por análisis del discurso. El análisis de los informes de las personas entrevistadas originó cuatro cat...

  13. Percepções de adolescentes grávidas em relação a seus familiares e parceiros

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Geraldina Porto Witter

    Full Text Available Este trabalho objetivou verificar a percepção de adolescentes grávidas sobre familiares e companheiros. Participaram 22 adolescentes grávidas entre 14 e 16 anos. Um questionário específico foi aplicado às participantes. Os resultados mostram que poucas conversavam sobre sexo e gravidez em casa, e a maioria disse que aprendeu no lar algumas informações, mas 40% consideram que nada aprenderam. Houve a tendência de as mães das gestantes serem informadas sobre a gravidez pelas próprias filhas. A primeira reação dos pais foi negativa, mas depois aceitaram a situação. considerou-se que os parceiros tiveram atitudes positivas e se responsabilizaram pelo período de gestação. As famílias das garotas, especialmente as mães, deram suporte à maternidade. com a gravidez, houve mudanças na vida de 68,1% das participantes.

  14. Aspectos da gravidez e pós-parto de adolescentes portadoras de febre reumática Aspects of the pregnancy and post delivery of adolescents with rheumatic fever

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Julia Pantoja Moraes

    2004-09-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a incidência e evolução de gravidez entre adolescentes portadoras de febre reumática (FR do nosso serviço. MÉTODOS: Avaliação retrospectiva de 510 prontuários de pacientes com diagnóstico de FR, no período de 1983 a 2001. RESULTADOS: Dos 510 pacientes analisados, 123 (46% eram adolescentes femininas. Dezesseis (13% engravidaram neste período, com um total de 19 gestações (uma apresentou duas gestações e outra três; 14 realizaram pré-natal adequadamente. A idade da primeira gestação variou de 14 a 19 anos (média 16,7; e a idade do início da atividade sexual, de 13 a 18 anos (média 15,2. Insuficiência mitral ocorreu em 15 casos, estando associada com insuficiência aórtica em cinco. Intercorrências durante o pré-natal foram observadas em duas pacientes: em uma houve recidiva da FR com Coréia e em outra infecção pelo HIV. O parto vaginal ocorreu em sete adolescentes, parto fórcipe em três e cesareana em quatro: uma com HIV, uma com gestação gemelar e duas com distocia funcional. Treze recém-nascidos foram adequados para idade gestacional e apenas os gêmeos foram prematuros. No pós-parto, uma paciente apresentou infecção na incisão cirúrgica e outra abscesso mamário. Nenhuma paciente reativou a FR no parto e pós-parto. CONCLUSÕES: As gestações não apresentaram descompensação cardíaca, com predomínio de valvulites de leve intensidade. Atividade sexual precoce e aumento da gravidez em adolescentes são realidades nos ambulatórios de reumatologia pediátrica, justificando a necessidade de uma melhor orientação em relação à sexualidade e uso de métodos anticoncepcionais na rotina do atendimento.BACKGROUND: To evaluate the incidence and follow-up of pregnancy among adolescents with rheumatic fever (RF attended at the authors' service. METHODS: A retrospective evaluation was undertaken of 510 patients with a diagnosis of RF according to records from 1983 to 2001. RESULTS: We

  15. A PREVENÇÃO DA GRAVIDEZ NA ADOLESCÊNCIA NA VISÃO DE ADOLESCENTES

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Milla Wildemberg Fiedler

    2015-01-01

    Full Text Available El objetivo de esta investigación fue comprender la visión de los adolescentes con relación a la prevención del embarazo de adolescentes en una escuela en el municipio de Divinópolis, en Minas Gerais. Investigación descriptiva, de tipo exploratorio, con enfoque cualitativo, realizado con 14 adolescentes, por medio de entrevistas semiestructuradas. Los datos fueron analizados e interpretados por análisis del discurso. El análisis de los informes de las personas entrevistadas originó cuatro categorías empíricas: percepción acerca de la importancia de la prevención de los embarazos en la adolescencia, el conocimiento sobre el uso de métodos anticonceptivos, el uso de métodos anticonceptivos, las barreras para el acceso a los servicios de salud para la prevención del embarazo. Se concluye que los adolescentes consideran la prevención del embarazo en la adolescencia como algo positivo, expresan sus conocimientos acerca de los métodos anticonceptivos, demuestran que practican el sexo seguro e inseguro y señalan defectos en la calidad de la atención de la salud. Los esfuerzos de los poderes públicos son necesarios para la realización de políticas públicas en materia de atención de la salud de los adolescentes.

  16. Gravidez na adolescência: tendência na produção científica de enfermagem

    OpenAIRE

    Gurgel, Maria Glêdes Ibiapina; Alves, Maria Dalva Santos; Vieira, Neiva Francenely Cunha; Pinheiro, Patrícia Neyva da Costa; Barroso, Grasiela Teixeira

    2008-01-01

    A gravidez em adolescentes tem implicações biológica, psicológica, social, econômica e cultural. O estudo exploratório, descritivo e bibliográfico objetivou identificar as concepções da gravidez na adolescência, sujeito, vulnerabilidade e gênero, presentes na produção científica de Enfermagem. Foram selecionados intencionalmente quatro periódicos brasileiros e dois da América Latina indexados de 2002 a 2006 na Scientific Electronic Library. Dos 1.472 artigos identificados, 43 tinham como temá...

  17. Gravidez na adolescência: motivos e percepções de adolescentes Embarazo en la adolecencia: motivos y percepciones de adolecentes Pregnancy in adolescence: reason and perceptions of adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francisco Rosemiro Guimarães Ximenes Neto

    2007-06-01

    Full Text Available Tratou-se de pesquisa exploratório-descritiva, realizada de outubro a dezembro de 2002, com 216 adolescentes grávidas assistidas pela Estratégia de Saúde da Família dos municípios pertencentes à Microrregião de Saúde de Acaraú, Ceará. Objetivou caracterizar o perfil sócio-demográfico e gineco-obstétrico destas, identificando o motivo que as levou a engravidar, e saber como percebiam sua gravidez. A maior parte destas tinha 17 anos, eram pardas, alfabetizadas, donas-de-casa, tinham companheiro fixo e viviam com menos de um salário mínimo. Destas, 32,4% menstruou aos 12 anos, 25% teve a primeira relação sexual aos 16 anos e, 72,7% estava na primeira gestação. Destaca-se o desejo de ser mãe como principal motivo para engravidar, e a percepção em relação à gravidez está relacionada com felicidade e realização pessoal.Se trató de pesquisa exploratoria descriptiva, realizada de octubre a diciembre de 2002, con 216 adolescentes embarazadas asistidas por la Estrategia de Salud de la Familia de los Municipios pertenecientes a la Micro Región de Salud de Acaraú, Ceará. Con el objetivo de caracterizar su perfil socio-demografico y ginecólogo obstétrico, identificando el motivo que las llevó a embarazar, y saber como notaban su embarazo. La mayor parte de ellas tenía 17 años, eran pardas, alfabetizadas, amas de casa, tenian compañero fijo y vivian con menos de uno sueldo mínimo. De estas, 32,4% tuvo su primer menstruo a los 12 años, 25% tuvo la primera relación sexual a los 16 años y 72,7% estava en el primer embarazo. Se destaca el deseo de ser madre como principal motivo para el embarazo, y la percepción con relación al embarazo está relacionada con felicidad y realización personal.This research encompasses the capital Aracaju, Sergipe, and its surroundings health districts. It was dealt from October to December 2002 with 216 pregnant adolescents assisted by the Strategy of the Family Health Program. Its main

  18. Cyberbullying e Esquemas Iniciais Desadaptativos em Adolescentes Brasileiros

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Caroline Louise Mallmann

    2017-07-01

    Full Text Available Este trabalho teve por objetivo investigar o cyberbullying em adolescentes brasileiros e sua relação com os Esquemas Iniciais Desadaptativos (EIDs. Participaram 273 estudantes brasileiros, que responderam ao Revised Cyberbullying Inventory e ao Questionário de Esquemas de Young para Adolescentes, adaptado à realidade brasileira. Os resultados apontaram que os adolescentes envolvidos em cyberbullying como vítimas e vítimas-agressores apresentaram escores significativamente mais elevados na maioria dos eids do que os não-envolvidos. Vítimas e vítimas-agressores tiveram maiores escores que não-envolvidos nos esquemas de Abandono, Grandiosidade e Autocontrole Insuficiente. Vítimas indicaram escores mais altos do que não-envolvidos em Autossacrifício e Defeito, e maiores escores que agressores no esquema de Defeito. Vítimas-agressores apresentaram escores mais altos do que não-envolvidos nos esquemas de Desconfiança, Busca de Aprovação, Negativismo e Padrões Inflexíveis. Discute-se a maior frequência de cyberbullying entre meninas, e os EIDs como fatores que tornam adolescentes mais vulneráveis à cyber vitimização ou cyber agressão.

  19. Correlates of substance use during adolescent pregnancy in São Paulo, Brazil Correlatos do uso de substâncias durante a gravidez na adolescência em São Paulo, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marco Antonio Bessa

    2010-03-01

    Full Text Available OBJECTIVE: To investigate the association of cocaine and marijuana use during adolescent pregnancy in São Paulo-SP, Brazil, with psychiatric disorders, social status and sexual history. METHOD: One thousand pregnant adolescents were assessed by using the Composite International Diagnostic Interview, and sociodemographic and socio-economic questionnaire at the obstetric center of a public hospital in São Paulo. Hair samples were collected for analysis. RESULTS: The following data were associated with cocaine and/or marijuana use during the third trimester of the pregnancy: being younger than 14 years of age, having a history of more than 3 sexual partners, and having psychiatric disorders, specifically, bipolar disorder, post-traumatic stress disorder, and somatoform disorder. CONCLUSION: In early adolescence pregnancy, having 3 or more sexual partners in life for this population is significantly associated with the use of cocaine or marijuana during gestation. This association suggests that specific intervention programs should target these young women.OBJETIVO: Investigar, numa população de gestantes adolescentes de uma maternidade pública de São Paulo-SP, Brasil, a associação entre o consumo de cocaína e maconha durante a gravidez com distúrbios psiquiátricos, status social e história sexual. MÉTODO: Mil adolescentes grávidas foram avaliadas por meio do Composite International Diagnostic Interview e de um questionário sociodemográfico e socioeconômico no centro obstétrico de um hospital público de São Paulo. Destas, foi colhida amostra para análise de fios de cabelo. RESULTADOS: Os seguintes dados foram associados com o uso de cocaína e/ou maconha durante o terceiro trimestre de gravidez: ter menos de 14 anos, ter história de mais do que três parceiros sexuais e ter transtornos psiquiátricos, em especial, transtorno afetivo bipolar, transtorno do estresse pós-traumático e transtorno somatoforme. CONCLUSÃO: Na popula

  20. O vivenciar da gravidez na adolescência Pregnancy in adolescence

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Dalva de Barros Carvalho

    2002-04-01

    Full Text Available O presente estudo teve como objetivo compreender como a adolescente grávida vivencia essa situação. Foram sujeitos 15 adolescentes grávidas de 14 a 19 anos, atendidas em Unidade Básica. A essas adolescentes foi feita uma pergunta orientadora “O que é para você vivenciar uma gravidez na adolescência” ? Os dados revelaram, entre outros, que a gravidez na adolescência impede uma melhor formação profissional; que em relação à família acarreta transtornos muitos fortes, principalmente no aspecto emocional, e ainda que a adolescente se depara com duas crises a enfrentar: a fase de adaptação da adolescência e a da vivência de uma gravidez precoce. A gravidez na adolescência como mostrou este estudo apresenta repercussões de ordem tanto físicas como emocionais, culturais econômicas e sociais. As falas das adolescentes revelaram a necessidade de programas de prevenção, de orientação e informação em relação à gravidez na adolescência; a métodos contraceptivos, partos e sexualidade entre outrosThis research is an attempt to understand the problem of early pregnancy from teenager’s point of view. It aims at understanding how the pregnant teenager feels about such an experience. Fifteen pregnant young women, 14 to 19 years old, attended to in a Health Unit, are the subjects of the research. A question was asked these teenagers: What does experiencing teenage pregnancy mean to you? Data revealed that teenage pregnancy impairs a good professional formation; nurtures deep disruptions in the family, especially of an emotional character; brings together two serious crises, or rather, the adaptation phase of adolescence and the experiencing of early pregnancy. Teenage pregnancy has physical, cultural, economical, social and emotional repercussions. Teenagers’ interviews show the extreme need of prevention, orientation and information programs regarding early pregnancy, contraceptive methods, childbirth, sexuality and

  1. Epidemiologia da alergia ocular e comorbidades em adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcos Geraldini

    2013-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: A prevalência de conjuntivite alérgica (CA não foi estabelecida. Estimativas sugerem que alergias oculares afetam de 15 a 20% da população mundial, ainda que a maioria dos estudos epidemiológicos abranjam sintomas de alergia nasal e ocular e não sejam específicos a respeito da CA. O objetivo deste estudo foi verificar a prevalência de sintomas, comorbidades e o impacto da alergia ocular em adolescentes. MÉTODOS: Os adolescentes foram selecionados de uma amostra de escolas e preencheram, em sala de aula, um questionário previamente validado sobre os sintomas da CA. O seu diagnóstico foi considerado quando mais de três episódios de prurido ocular foram relatados nos últimos 12 meses. Sintomas relacionados, como lacrimejamento, fotofobia, sensação de corpo estranho, impacto sobre as atividades diárias e diagnóstico de conjuntivite alérgica, foram analisados. RESULTADOS: Foram obtidos questionários de 3.120 adolescentes (média de 13,3±1,1 ano. Nos últimos 12 meses, 1.592 (51% adolescentes tiveram prurido ocular. O sintoma relacionado mais frequente foi lacrimejamento (74%, seguido de fotofobia (50,1% e sensação de corpo estranho (37,1%. A prevalência de conjuntivite alérgica foi de 20,7%, afetando mais pessoas do sexo feminino do que do masculino (56,1% em comparação a 45,9%; p = 0,01. O risco de um adolescente com alergia ocular apresentar asma, rinite e eczema atópico foi (RC = 5,7; IC de 95%: 4,5 a 7,1; (RC = 3,6; IC de 95%: 3,0 a 4,3 e (RC = 2,6; IC de 95%: 2,0 a 3,5, respectivamente. Uma interferência grave nas atividades diárias foi relatada por 30,5%. CONCLUSÕES: Sintomas de alergia ocular são comuns, frequentemente relacionados a outras doenças alérgicas, e causam impacto sobre as atividades diárias de adolescentes.

  2. Riscos cardiovasculares em adolescentes com diferentes graus de obesidade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Silvia Ferrari Lavrador

    2011-03-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Há poucos estudos sobre riscos cardiovasculares em adolescentes com diferentes graus de obesidade. OBJETIVO: Avaliar repercussões metabólicas associadas a diferentes graus de obesidade em adolescentes e seu impacto nos riscos cardiovasculares. MÉTODOS: Estudo transversal com 80 adolescentes obesos, divididos em dois grupos: 22,5, denominados obesos com menor e maior grau de obesidade, respectivamente. Foram realizados exame físico e avaliação bioquímica e de composição corporal. Para a análise estatística, foram aplicados os testes t-Student e qui-quadrado, com a finalidade de comparar os dois grupos. Modelo logístico múltiplo foi utilizado para verificar as associações entre variáveis bioquímicas e grau de obesidade. Foram desenvolvidos escores de risco para doença cardiovascular, de acordo com o número de alterações encontradas nas seguintes variáveis: glicemia de jejum, triglicérides, HDL e PA. Foram verificadas associações entre esses escores e o grau de obesidade. RESULTADOS: Os dois grupos diferiram em valores de peso, circunferência da cintura, glicemia e insulina de jejum, HOMA-IR, triglicérides, HDL, PA e medidas de composição corporal (p<0,05. Os adolescentes com maior grau de obesidade apresentaram maiores frequências de alterações para glicemia, HOMA-IR, triglicérides, HDL e pressão arterial (p<0,05. O modelo logístico mostrou associações entre o grau de obesidade e as variáveis: HDL (OR=5,43, PA (OR=4,29, TG (OR=3,12. O escore de risco demonstrou que 57,7% dos adolescentes com maiores graus de obesidade tinham duas ou mais alterações metabólicas para 16,7% do outro grupo (p<0,001. CONCLUSÃO: O grau da obesidade influenciou no aparecimento de alterações que compõem a síndrome metabólica, aumentando o risco cardiovascular.

  3. Salud familiar en familias con adolescente gestante Saúde familiar em famílias com adolescentes gestantes Family health in families with pregnant adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Martha cecilia Veloza Morales

    2012-01-01

    Full Text Available La investigación se basó en la teoría de organización sistémica de Marie Louse Friedemann; el objetivo fue describir el grado de salud familiar de familias con adolescente gestante. Estudio Descriptivo transversal comparativo, con abordaje cuantitativo donde se evaluó el grado de salud familiar a 100 familias atendidas en dos instituciones prestadoras de Salud (IPS en Bogotá, Colombia; se organizaron en dos grupos: la mitad de las familias con adolescentes gestantes que presentaron morbilidad en el tercer trimestre del embarazo y la otra mitad que no presentaron morbilidad; para la recolección de la información se utilizó el instrumento ISF GES 19 diseñado, implementado y probado por la doctora Pilar Amaya de Peña. Se obtuvo una visión global acerca de la salud familiar y se comparó el grado de salud familiar de acuerdo con las características halladas en cada uno de los grupos. Se concluye que las familias no sienten o no perciben el riesgo de sufrir o no una patología durante el embarazo, y por tanto, no afecta su grado de salud familiar el cual consideran saludable y satisfecho. Se invita a crear estrategias que conlleven a disminuir los riesgos de salud a que se expone la familia y la madre adolescente.Apesquisa foi baseada na teoria da organização sistémica de Marie Louse Friedemann; o objeto foi descrever o grau de saúde familiar das famílias com adolescentes gestantes. Estu-do descritivo transversal comparativo, com abordagem quan-titativa onde foi avaliado o grau de saúde familiar de 100 famí-lias atendidas em duas instituições fornecedoras de serviços de saúde (IPS em Bogotá, Colômbia. As 100 famílias foram organizadas em dois grupos: a metade das famílias com adolescentes gestantes que apresentaram morbidez no terceiro trimestre de gravidez e a outra metade conformada por aquelas famílias com adolescentes gestantes que não apresentaram morbidez; para a compilação da informação, utilizou-se o

  4. Vulnerabilidade de gênero para a paternidade em homens adolescentes Gender vulnerability for parenthood among male adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Anecy de Fátima Faustino Almeida

    2007-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar as relações de gênero vivenciadas por adolescentes do sexo masculino e como elas contribuem para torná-los vulneráveis à gravidez na adolescência. MÉTODOS: Estudo qualitativo realizado em Campo Grande, Mato Grosso do Sul, em 2003. Participaram 13 adolescentes masculinos com menos de 20 anos, com um único filho de até 11 meses, cuja mãe estava na mesma faixa etária do pai. Realizaram-se entrevistas semi-estruturadas gravadas. Após transcrição, procedeu-se à análise temática de conteúdo. RESULTADOS: Identificaram-se estereótipos de gênero em que se destacavam papéis de líder, provedor e ativo sexualmente, bem como a rejeição a ser cuidador. Esses papéis apareceram consolidados principalmente na perspectiva dos entrevistados acerca do trabalho como marcador de sua condição de homem e provedor da família. A liderança dos adolescentes prevaleceu no relacionamento com a mãe de seu filho, notadamente na iniciativa das relações sexuais e no uso de contraceptivos. A gravidez foi considerada por eles como "por acaso" e inesperada, mas a paternidade foi vivenciada como uma prova final de sua condição de homens adultos. CONCLUSÕES: Verificou-se a condição de vulnerabilidade dos adolescentes para a paternidade em virtude da socialização de gênero nos moldes tradicionais. Isso foi evidenciado com a ausência dos papéis relativos ao cuidado consigo próprio e com os outros, com a incorporação precoce de papéis de dominação sexual masculina e de trabalhador e pai, ou seja, deixar de ser criança e alcançar a condição de homem.OBJECTIVE: To analyze gender relations perceived by male adolescents and how they contribute to making them more vulnerable to pregnancy during adolescence. METHODS: Qualitative study carried out in Campo Grande, Midwestern Brazil, in 2003. Subjects were 13 male adolescents under 20 years of age, fathers of an only child aged up to 11 months whose mother was in the same

  5. A violência intra-familiar contra adolescentes grávidas

    OpenAIRE

    Monteiro,Claudete Ferreira de Souza; Costa,Neyla Shirlene Santos; Nascimento,Patrícia Samara Veras; Aguiar,Yara Amorim de

    2007-01-01

    O objetivo deste trabalho é descrever como as adolescentes se relacionavam com seus familiares antes e após a descoberta da gravidez. Participaram quinze adolescentes que se encontravam no puerpério, em uma maternidade pública. Utilizamos como instrumento de coleta de dados a entrevista semi-estruturada. Para a análise dos dados recorremos à abordagem qualitativa. Os resultados indicam que as adolescentes viviam uma relação boa, mas ao revelarem que estavam grávidas são vítimas de atos violen...

  6. Vinculacão em mães adolescentes e seus bebés

    OpenAIRE

    Jongenelen, Ines; Soares, Isabel; Grossmann, Karin; Martins, Carla

    2006-01-01

    Neste artigo, as autoras apresentam uma investigação empírica com mães adolescentes e seus bebés, conduzida sob a perspectiva da Teoria da Vinculação de Bowlby. Quarenta adolescentes e seus bebés foram avaliados na gravidez e 12.º mês do pós‑parto, com base, respectivamente, na Adult Attachment Interview e na Situação Estranha. Os resultados revelam que a maioria dos bebés apresenta uma organização de vinculação segura à mãe, aos 12 meses de idade. Não foi encontrada uma associação significat...

  7. Perfil de adolescentes com repetição da gravidez atendidas num ambulatório de pré-natal Perfil de las adolescentes con repetición del embarazo atendidas en un ambulatorio de prenatal Profile of adolescents with repeated pregnancies attended at a prenatal clinic

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lia Persona

    2004-10-01

    Full Text Available Este trabalho identificou o perfil biopsicossocial das adolescentes com repetição da gravidez, atendidas num ambulatório de pré-natal. Os dados obtidos através do prontuário médico e entrevista foram analisados quantitativamente. Através dos resultados encontrados e de acordo com a literatura, foram selecionados, do perfil das adolescentes, fatores mais fortemente associados à ocorrência da repetição da gravidez. São eles: menarca precoce, primeira relação sexual após curto intervalo da menarca, repetência escolar, abandono escolar, ausência de ocupação remunerada, baixa renda familiar, envolvimento com parceiros mais velhos, residir com o parceiro, união consensual com o parceiro, um parceiro fixo, baixo uso de condon, história familiar de gravidez na adolescência, ausência do pai por morte ou abandono, reação positiva da família à gravidez anterior, aborto anterior, parto anterior bem conceituado pela adolescente, e ausência à revisão pós-parto anterior.Este trabajo identificó el perfil biopsicosocial de las adolescentes con repetición del embarazo, atendidas en un ambulatorio de prenatal. Los datos obtenidos por medio del prontuario médico y entrevista, fueron analizados cuantitativamente. Por medio de los resultados y de acuerdo con la literatura, fueron seleccionados, entre los perfiles de las adolescentes, factores más fuertemente asociados a la ocurrencia de la repetición del embarazo. Ellos son: menarca precoz; primera relación sexual tras corto intervalo de la menarca; repetición escolar; abandono escolar; ausencia de ocupación remunerada; baja renta familiar; envolvimiento con parejas más viejas; residir con la pareja; unión consensual con la pareja; pareja fija; bajo uso de condón; historia familiar de embarazo en la adolescencia; ausencia del padre por muerte o abandono; reacción positiva de la familia al embarazo anterior; aborto anterior; parto anterior bien conceptuado por la adolescente

  8. Experiência da gravidez em situação de seropositividade para o VIH : Revisão da literatura brasileira

    OpenAIRE

    Levandowski, Daniela Centenaro; Pereira, Marco Daniel de Almeida; Dores, Silvana Dietrich Sasso das; Ritt, Gabriela Cássia; Schuck, Lara Monteiro; Sanches, Isabela Rodrigues

    2014-01-01

    Gerar um filho no contexto da seropositividade para VIH/Sida pode ser uma experiência emocional - mente difícil para as mulheres. No presente estudo, realizou-se uma revisão da literatura brasileira da última década (2000-2010) sobre a temática da experiência da gravidez em situação de seropositividade para VIH no Brasil, tendo-se identificado 20 estudos. Mais especificamente, objetivou-se identificar aspectos relevantes para futuras investigações e intervenções psicológicas junto...

  9. Gravidez na adolescência: atuação da enfermeira

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Anna Maria Hecker Luz

    1983-03-01

    Full Text Available O presente trabalho foi efetuado considerando nossa preocupação relativa à problemática mundial em torno da adolescente, principalmente no que se refere ao aumento da incidência de gravidez nessa faixa etária em outros países, como também a ausência de serviços específicos de atendimento a esta clientela em Porto Alegre. Para tanto, foi realizado um estudo retrospectivo de 1.597 prontuários de parturientes atendidas em um Hospital-Escola da cidade, onde ficou evidenciado o percentual de 12,39% de parturientes adolescentes. Tentamos caracterizar, através deste trabalho, a problemática das adolescentes grávidas relacionada ao: estado civil, ocupação, época da menarca, início das relações sexuais, gestações e paridade, abortamento, métodos anticoncepcionais, freqüência pré-natal e a atuação da enfermeira no atendimento da parturiente adolescente.

  10. Relação da pressão sistólica em artéria pulmonar com gênero, menopausa e gravidez em portadores de hipertensão arterial pulmonar associada à esquistossomose

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Anderson C. Armstrong

    2013-08-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A hipertensão arterial pulmonar associada à esquistossomose (HPAE é uma grande preocupação no mundo todo. No entanto, o papel de fatores contribuintes específicos do gênero em HPAE é desconhecido. OBJETIVO: Investigamos os valores da pressão arterial pulmonar sistólica (PAPS e a presença de elevação grave na PAPS relacionado ao gênero, presença de menopausa e histórico de gravidez em pacientes com HPAE. MÉTODOS: Setenta e nove pacientes diagnosticados com HPAE de 2000 a 2009 foram avaliados e 66 foram incluídos no estudo. As informações referentes à idade, status da menopausa, gravidez, PAPS derivada da ecocardiografia, e pressão arterial pulmonar média invasiva (PAPm foram coletadas de registros médicos. A relação entre os valores de PAPS e PAPm e a correlação para doença grave foram avaliados. Os modelos de regressão avaliaram a associação de gênero, status da menopausa e histórico de gravidez com valores de PAPS e a presença de PAPS severa. RESULTADOS: Houve correlação moderada entre PAPm e PAPS, com boa concordância para classificação de doença grave. Os valores de PAPS foram semelhantes para homens e mulheres. Uma tendência a valores maiores de PAPS foi encontrada para mulheres não menopausadas em comparação a homens. Valores superiores de PAPS foram encontrados para mulheres menopausadas em comparação a mulheres não menopausadas; os valores não foram significativos após o ajuste de idade. O histórico de gravidez não teve relação com a PAPS. Presença de menopausa e passado de gravidez não mostraram associação com valores de PAPS. CONCLUSÃO: Em pacientes com HPAE, nem o gênero, nem o status da menopausa nem o histórico de gravidez apresentou uma correlação independente com valores de HPAE avaliados pela ecocardiografia.

  11. Fenomenologia das motivações do adolescente em conflito com a lei

    OpenAIRE

    Jost,Maria Clara

    2010-01-01

    Este trabalho visa a avaliar as motivações mobilizadoras do comportamento do adolescente em conflito com a lei, adotando o conceito interativo do ato infracional. Entrevistas, individuais e semi-estruturadas, foram realizadas com adolescentes do sexo masculino, privados de liberdade. Os conteúdos obtidos foram organizados em núcleos temáticos, analisados fenomenologicamente e articulados às motivações subjacentes. Os resultados revelaram uma ambivalência vivencial que corrompe as subjetividad...

  12. Aspectos ginecológicos e frequência de infecções do trato genital inferior em pacientes adolescentes e adultas: existem diferenças?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliana Barroso Zimmermmann

    2012-07-01

    Full Text Available Introdução: As adolescentes merecem atenção especial em saúde pública, pois ao iniciar atividade sexual se expõem aos riscos das DSTs, da gravidez indesejada, do câncer cervical e de outras doenças inflamatórias pélvicas. Objetivos: Avaliar os aspectos ginecológicos e a frequência de infecções do trato genital inferior em adolescentes. Métodos: Trata-se de um estudo de caso-controle, onde foram estudadas pacientes adolescentes (n=68 e adultas (n=112 atendidas em uma clínica privada, que presta atendimento em ginecologia e obstetrícia. Excluíram-se aquelas que apresentavam qualquer tipo problema que impossibilitasse a realização dos exames necessários (sangramento genital, uso de cremes ou gel vaginal ou relação sexual em intervalo inferior a 72 horas da consulta médica e as que não assinaram o Termo de Consentimento Livre e Esclarecido (TCLE. As pacientes foram submetidas à anamnese e exame físico, com coleta de material para a realização de citologia, exame a fresco e pesquisa do DNA do Papilomavírus humano (HPV, pela técnica de captura híbrida II. Quando necessário realizou-se a biópsia de colo uterino, guiada pela colposcopia. No teste de significância estatística das diferenças observadas na análise, utilizou-se o teste do qui-quadrado e/ou o teste T de Student, dependendo da natureza dos dados comparados. O nível de significância adotado na análise foi de 5%.                                                          Resultados: A frequência de infecção pelo HPV diagnosticada pela captura híbrida foi de 47,3% para as pacientes adultas e de 35,3% para as adolescentes (p=0,42. A frequência de neoplasia intraepitelial de alto grau foi mais frequente em pacientes adultas, mas as adolescentes apresentaram 19% de neoplasia intraepitelial cervical diagnosticada pela histopatologia. Conclusão: Identificou-se percentual elevado de neoplasia

  13. Traumatismos raquimedulares penetrantes em adolescentes Traumatismos raquimedulares penetrantes en adolescentes Penetrating spinal cord injuries in adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcelo Campos Moraes Amato

    2009-09-01

    Full Text Available OBJETIVO: analisar a conduta em uma série de adolescentes com traumatismos raquimedulares penetrantes (TRMp e, confrontando com a literatura, estabelecer a melhor estratégia terapêutica para esses pacientes. MÉTODOS: avaliação retrospectiva de prontuários médicos de dez pacientes, nove do sexo masculino e um do feminino, com TRMp e menores de 18 anos, tratados à nível hospitalar. Analisou-se a anamnese, o exame neurológico e os exames de imagem. A conduta terapêutica variou entre cirurgia ou conservador. RESULTADOS: a média de idade foi de 16 anos (13 a 18 anos. A mediana de hospitalização inicial foi de 11 dias (4 a 180 dias. Quatro pacientes foram submetidos à laminectomia, um ao desbridamento da lesão e os demais a tratamento conservador. Só um paciente, foi submetido à laminectomia, que migrou para Frankel E. Nenhum paciente apresentou infecção da ferida ou instabilidade tardia da coluna vertebral. CONCLUSÃO: as lesões medulares secundárias desempenham pouca importância no resultado neurológico, o que leva à definição clínica do quadro na admissão hospitalar da maioria dos casos. Houve uma nítida predominância de TRMp em adolescentes do sexo masculino. Não ocorreu diferença significativa entre as condutas realizadas em relação ao resultado neurológico, à infecção e instabilidade. O tratamento deve ser individualizado, não negligenciando o tratamento clínico e considerando a cirurgia apenas em casos específicos.OBJETIVO: analizar la conducta en una serie de adolescentes con traumatismos raquimedulares penetrantes (TRMp y confrontar con la literatura, además de establecer la mejor estrategia terapéutica para eses pacientes. MÉTODOS: evaluación retrospectiva de historias clínicas de diez pacientes, nueve masculinos y un femenino de TRMp menores de 18 años, tratados a nivel hospitalar. Se analizó la anamnesis, el examen neurológico y los exámenes de imagen. La conducta terapéutica vari

  14. Drogas de abuso e gravidez

    OpenAIRE

    Yamaguchi,Eduardo Tsuyoshi; Cardoso,Mônica Maria Siaulys Capel; Torres,Marcelo Luis Abramides; Andrade,Arthur Guerra de

    2008-01-01

    CONTEXTO: Embora seja um problema crescente na população mundial, existem poucos trabalhos publicados sobre o uso de drogas durante a gravidez. OBJETIVOS: Abordar de maneira objetiva as drogas de abuso (álcool, cocaína, maconha e tabaco) mais comumente utilizadas pelas mulheres em idade reprodutiva. MÉTODOS: Foi realizada revisão bibliográfica (MEDLINE, LILACS) dos textos mais recentes abordando o uso de drogas de abuso em mulheres em idade reprodutiva. RESULTADOS: Foram descritas as principa...

  15. Conversas, em família, sobre sexualidade e gravidez na adolescência: percepção das jovens gestantes Family talking about sexuality and pregnancy during adolescence: perceptions of pregnant adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Cristina Garcia Dias

    2000-01-01

    Full Text Available Apresenta-se uma análise fenomenológica da ambigüidade na tomada de decisão em comportamento sexual de meninas adolescentes que vieram a engravidar. A análise foi contextualizada nas relações informativas e comunicativas entre filhas e pais sobre temas de sexualidade e cuidados contraceptivos. As considerações analíticas foram baseadas em entrevistas com onze adolescentes gestantes e uma jovem mãe, todos de nível sócio-econômico médio baixo, com idade entre 12 e 19 anos. A informação sobre prevenção foi percebida, pelas jovens, como parcial e incompleta e a comunicação mostrou-se prejudicada por falta de confiança no interlocutor preferencial (no caso, a mãe. A rede de apoio, constituída por tias e amigas, mostrou-se falha em apresentar esclarecimentos ou reduzir incertezas. Além de despreparados, os interlocutores apresentaram dificuldades associadas à falta de informação e a não aceitação da sexualidade adolescente. A interpretação destacou três aspectos relacionados com a gravidez na adolescência: 1 reafirmou a liberdade e iniciativa da mulher em relação à sua sexualidade; 2 confirmou a ausência da discussão franca e informada sobre sexualidade; e, 3 mostrou a substituição do mito do amor romântico pela expectativa clara do sexo prazeroso.This study presents a phenomenological analysis of the decision making ambiguity on sexual behavior by adolescent girls who become pregnant. The analysis was grounded in the informative and communicative relationships between daughters and their parents regarding sexuality and contraception care. The analytical considerations were based on 11 interviews with low middle class pregnant adolescents and one young mother, 12 to 19 years old. The analysis showed that the information the adolescents received about sexuality was incomplete, and that the communication process was hindered by lack of trust in those who tried to establish a dialogue with the girls, usually the

  16. Gravidez na adolescência: tendência na produção científica de enfermagem Embarazo en la adolescencia: tendencia en la producción científica de enfermería Pregnancy in adolescence: tendencies in the cientific production of nursing

    OpenAIRE

    Maria Glêdes Ibiapina Gurgel; Maria Dalva Santos Alves; Neiva Francenely Cunha Vieira; Patrícia Neyva da Costa Pinheiro; Grasiela Teixeira Barroso

    2008-01-01

    A gravidez em adolescentes tem implicações biológica, psicológica, social, econômica e cultural. O estudo exploratório, descritivo e bibliográfico objetivou identificar as concepções da gravidez na adolescência, sujeito, vulnerabilidade e gênero, presentes na produção científica de Enfermagem. Foram selecionados intencionalmente quatro periódicos brasileiros e dois da América Latina indexados de 2002 a 2006 na Scientific Electronic Library. Dos 1.472 artigos identificados, 43 tinham como temá...

  17. Gravidez em paciente com microlitíase alveolar pulmonar grave Pregnancy in a patient with severe pulmonary alveolar microlithiasis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Osmar Bezerra de Souza Filho

    2008-10-01

    Full Text Available A microlitíase alveolar pulmonar (MAP é uma doença rara que atinge ambos os pulmões, caracterizada pela presença de pequenos cálculos (fosfato de cálcio nos espaços alveolares. Relatamos o caso de uma paciente do sexo feminino, de 26 anos, cujo diagnóstico foi confirmado com base nos achados marcantes na radiografia de tórax e tomografia computadorizada de alta resolução. A paciente, gestante de 28 semanas, retornou ao hospital 10 meses após o diagnóstico apresentando insuficiência respiratória hipoxêmica e com distúrbio ventilatório restritivo grave à espirometria. Após completadas 32 semanas e 4 dias de gestação, foi submetida aparto cesariano, com sucesso para mãe e filha. A MAP tem evolução clínica variável. Tem provável caráter autossômico recessivo e associação com história familiar positiva. A etiologia é incerta, e muitos autores especulam que haja um defeito enzimático local responsável pelo acúmulo intra-alveolar de cálcio. Relatos de pacientes com MAP que engravidaram são excepcionais, sendo o presente caso o primeiro descrito no Brasil. O curso dessa doença costuma ser lentamente progressivo, e os pacientes geralmente falecem devido à insuficiência cardiorrespiratória. O presente caso ilustra a necessidade de se oferecer aconselhamento genético e orientações sobre o risco de gravidez às pacientes, especialmente em casos de doença avançada. Atualmente, a única terapia efetiva é o transplante pulmonar.Pulmonary alveolar microlithiasis (PAM is a rare disease that affects both lungs. It is characterized by the presence of small calculi (calcium phosphate within the alveolar spaces. We report the case of a 26-year-old female whose diagnosis was based on characteristic findings on chest X-rays and high-resolution computed tomography scans. The patient, 28 weeks pregnant, was rehospitalized 10 months after the diagnosis, presenting hypoxemic acute respiratory failure and severe restrictive

  18. Espondilite tuberculosa em adolescente Tuberculous spondylitis in teenager

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marta Maciel Lyra Cabral

    2005-06-01

    Full Text Available Relata-se o caso de uma adolescente com tuberculose osteoarticular em coluna lombossacral, uma localização incomum. O seu diagnóstico permanece um desafio por apresentar sintomas gerais inespecíficos e lesões ósseas que podem ser confundidas com outras afecções. A doença é degenerativa e de prognóstico reservado. São discutidos aspectos clínicos, laboratoriais e de imagem, incluindo tomografia computadorizada e ressonância magnética. A reação em cadeia da polimerase, usando o marcador IS 6110 para M. tuberculosis, foi positiva, sugerindo fortemente a presença do patógeno. Este ensaio é particularmente indicado quando se exige um diagnóstico de tuberculose rápido e sensível.This article presents a case report of osteoarticular tuberculosis affecting lumbar sacral column non-typical attack. The diagnosis remains a medical challenge because the symptoms and bone lesions are not specific and can be mislead with other morbidity such as inflammatory, circulatory, metabolic, traumatic, congenital and tumoral diseases. The disease is degenerative and the prognosis not satisfactory. Besides the clinical aspects and laboratory, imaging results, including computed tomography and magnetic ressonance, are discussed. A PCR system targeting the IS 6110 of M. tuberculosis was positive, strongly suggesting the presence of this pathogen. This assay would be particularly indicated when quick and sensitive diagnosis of tuberculosis is required.

  19. Levantamento de problemas comportamentais/emocionais em um ambulatório para adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Benedita Salete Costa Lima Valverde

    2012-12-01

    Full Text Available Este estudo teve como objetivo identificar os principais problemas comportamentais e emocionais percebidos por adolescentes que frequentam um ambulatório de saúde. Participaram 320 adolescentes que não estavam em atendimento psicoterápico e que responderam, na sala de espera de um ambulatório, o Youth Self Report. O principal problema relatado foi Ansiedade/Depressão. Os meninos obtiveram escores mais altos em Problemas Sociais e mais baixos em Comportamento Delinquente; as meninas apresentaram-se com menos problemas no agrupamento Problemas Somáticos e com mais problemas em Ansiedade/Depressão. Quanto à faixa etária, observou-se que Problemas Sociais esteve associado ao início da adolescência. Quanto à incidência, menos de um quarto dos adolescentes apresentaram-se com problemas, sugerindo que a adolescência não é um período de turbulência. Observou-se que alguns adolescentes necessitam de uma avaliação mais detalhada, pois relataram comportamentos indicativos de transtornos mentais. Conclui-se a necessidade de profissionais de saúde mental integrarem a equipe de saúde que atende adolescentes.

  20. Desfecho da gravidez em portadoras de esclerodermia difusa e limitada Pregnancy outcome in patients with diffuse and limited scleroderma

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marina Celli Francisco

    2005-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: verificar se existe diferença no número de abortamentos e recém-nascidos (RN de baixo peso entre as pacientes com esclerodermia (SSc se comparadas com as mulheres sem a doença entre as formas da doença e quando a manifestação da SSc ocorre antes ou após a gestação. MÉTODOS: foram incluídas 26 pacientes com SSc. Os casos foram analisados quanto ao número de gestações, abortamentos, peso ao nascer e sexo dos filhos, correlacionando-se com a forma da doença e a relação temporal do diagnóstico com a gestação. As pacientes não haviam feito uso de medicações que interferissem na gestação, nem apresentavam outra doença. Para controle foram incluídas 26 mulheres saudáveis, sem doenças que alterassem o curso da gestação, pareadas para nível socioeconômico e idade. Para estudo estatístico foram feitas tabelas de freqüência, de contingência e empregados os testes de Fisher, chi2 e Mann-Whitney. RESULTADOS: entre as pacientes com SSc, houve 96 gestações com 13,5% (n=13 de abortamentos. No grupo controle, 94 gestações com 9,6% (n=9 de abortamentos. Não houve diferença quanto ao número de RN de baixo peso nestes dois grupos (n=8 e controles, n=6, com p=0,54 e tampouco entre o número de abortos (p=0,46. Entretanto, o número de RN de baixo peso foi significativamente maior entre os casos com a forma difusa da doença (forma difusa, n=4 e limitada, n=4, com p=0,04 e em pacientes que engravidaram após o diagnóstico estabelecido de SSc (37,5% em mulheres sabidamente doentes e 6,7% em mulheres que engravidaram antes de adoecer, com p=0,03. O número de RN masculinos foi maior no grupo das SSc (p=0,002. CONCLUSÕES: as mulheres portadoras de SSc apresentam um número maior de RN de baixo peso na forma difusa da doença e quando a gravidez se estabelece após o diagnóstico clínico da doença.PURPOSE: to verify if there is any difference in the number of miscarriages and newborns with low weight in patients

  1. Fatores de risco para a gravidez na adolescência em uma maternidade-escola da Paraíba: estudo caso-controle

    OpenAIRE

    Amorim,Melania Maria Ramos; Lima,Lidiane de Araújo; Lopes,Camila Vigolvino; Araújo,Daniele Kelle Lopes de; Silva,Jéssica Guimarães Gomes; César,Larissa Cynthia; Melo,Adriana Suely de Oliveira

    2009-01-01

    OBJETIVO: identificar os fatores associados à gestação na adolescência em um Estado do nordeste do Brasil. MÉTODOS: realizou-se um estudo de caso-controle na proporção de uma adolescente entre 10 e 19 anos (caso) para duas mulheres entre 20 e 35 anos (controles), totalizando 168 casos e 337 controles. As variáveis reprodutivas analisadas foram: escolaridade, situação marital, procedência, renda familiar per capita em reais, trabalho remunerado, escolaridade da mãe, presença do pai da adolesce...

  2. Gravidez na adolescência e construção de um projeto de vida = Adolescent pregnancy and building a life project = Embarazo en la adolescencia y creación de proyectos de vida

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kudlowiez, Sara

    2014-01-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi compreender os projetos de vida de um grupo de adolescentes grávidas, investigando quais eram esses projetos antes de as jovens engravidarem e quais os seus planos futuros depois de gravidez se confirmar. Participaram da pesquisa, 16 jovens grávidas, entre 13 e 19 anos, que residiam em Curitiba-PR e eram atendidas em ambulatório de pré-natal em maternidade do SUS. Os cuidados éticos foram observados. Foram utilizadas, como instrumento de pesquisa, entrevistas semiestruturadas, com perguntas baseadas em roteiro que contemplou temas sobre a gravidez na adolescência, tais como: a reação das adolescentes e de suas famílias à gravidez, os projetos de vida dessas adolescentes antes de terem engravidado, seus projetos de vida após a constatação da gravidez; entre outros. As entrevistas foram gravadas, transcritas e, posteriormente, submetidas à análise de conteúdo. Percebeu-se que a maioria das futuras mães não planejou a gravidez, nem tinha pensado sobre suas prováveis repercussões. Os projetos de vida anteriores à gravidez mostraram-se ausentes ou vagamente estruturados – “estudar e trabalhar” – enquanto as consequências da nova realidade não eram percebidas com nitidez pelas jovens. Esse fato pode estar relacionado à qualidade precária do ensino público, que não proporciona ferramentas necessárias para que os alunos desenvolvam a capacidade de abstração e o senso crítico, de modo a elaborar estratégias viáveis para alcançar seus objetivos. Paralelamente, essas adolescentes enfrentam dificuldades no interior de suas famílias e comunidades, que geralmente não lhes fornecem elementos e oportunidades para construir projetos de vida inovadores. Conclui-se que condições como o contexto educacional, social e histórico podem ajudar a compreender a falta de projetos de vida mais autênticos e consistentes

  3. ESPAÇO, MASCULINIDADES E ADOLESCENTES EM CONFLITO COM A LEI

    OpenAIRE

    Silva, Joseli Maria; Rossi, Rodrigo; Chimin Junior, Alides Baptista; Ornat, Marcio Jose

    2012-01-01

    doi: 10.12957/geouerj.2012.3701 Resumo A presente discussão evidencia as formas de relação entre espacialidades e a existência dos adolescentes do sexo masculino em conflito com a lei. O grupo objetivado nesta discussão desenvolve suas masculinidades por meio de vivências concretas que só podem ser compreendidas no tempo e espaço próprios, compostos em grande parte da vulnerabilidade dos adolescentes de baixa renda ao ato infracional, estabelecendo estes práticas cotidianas de relações que es...

  4. Teenagers Want to be Mothers... But... Las adolescentes quieren ser madres... pero... Adolescentes desejam ser mães… mas…

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    VIRGINIA INÉS SOTO LESMES

    2010-10-01

    álisis emergieron siete categorías: "Embarazo inesperado", "Asumiendo el embarazo", "Experimentando formas de cuidarse", "Padeciendo pérdidas por el embarazo", "Culpándose por el embarazo", "Resistiéndose al aborto" y "Reedificando redes de apoyo". Emerge la categoría central y por ende el planteamiento hipotético afirmando que las adolescentes están "Deseando el embarazo pero no tan pronto". Se parte del concepto ambivalencia como hilo conductor para mostrar cómo evoluciona esta secuencia de acciones/interacciones en respuesta a la experiencia del embarazo y cómo se alinean según las condiciones y cambios que han experimentado en su contexto también ambivalente. Se concluye que las adolescentes embarazadas delegan en el hombre la protección frente a un posible embarazo, sin embargo, cuando se enteran de estar embarazadas los excluyen y excusan de cualquier responsabilidad. Asocian cuidado con cambios en sus comportamientos sociales sin ser significativos los cambios físicos. El 21% de las participantes, están pasando por su segundo embarazo, indicador alarmante para el bienestar de estas jóvenes y sus hijos por nacer. La relación padres-adolescente se afianza durante el embarazo, aunque sus madres cuando tuvieron conocimiento de que sus hijas ya habían iniciado su actividad sexual, lo ignoraron. Se hace un llamado urgente a innovar estrategias de cuidado individualizado y contextualizado.Este estudo foi realizado com base teórica e objetivou o seguinte: descrever a experiência de gravidez e gerar uma hipótese sobre esse processo em um grupo de adolescentes; coletar dados através de entrevistas em profundidade realizadas em 30 adolescentes grávidas. Sete categorias surgiram da analise: "Gravidez inesperada"; "Assumindo a gravidez", "Experimentando métodos de prevenção", "Sofrendo perdas pela gravidez", "Sentindo culpa pela gravidez", "Rejeitando o aborto" e "Reconstruindo redes de apoio". Surge a categoria central e, portanto, a hipótese afirmando que as

  5. Doença periodontal em portadoras de valvopatia durante a gravidez: estudo clínico e microbiológico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Walkiria Samuel Ávila

    2011-04-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A doença periodontal representa risco à gestante portadora de valvopatia reumática, seja para contrair endocardite infecciosa, seja por propiciar complicações obstétricas. OBJETIVO: Estudar a frequência da doença periodontal em portadoras de valvopatia reumática durante a gravidez. MÉTODOS: Foram estudadas 140 gestantes, comparáveis quanto a idade e o nível socioeconômico, divididas em: 70 portadoras de doença valvar reumática e 70 mulheres saudáveis. Todas se submeteram a: 1 avaliação clínica odontológica que incluiu a análise dos seguintes parâmetros: 1.1 profundidade à sondagem, 1.2 distância da linha esmalte-cemento à margem gengival, 1.3 nível clínico de inserção, 1.4 índice de sangramento, 1.5 índice de placa bacteriana, e, 1.6 comprometimento de furca; e, 2 exame microbiológico nas amostras de saliva e do cone que considerou o controle positivo para as cepas das bactérias Porphyromonas gingivalis, Tannerella forsithia e Aggregobacter actinomycetemcomitans. RESULTADOS: A lesão valvar mitral foi prevalente (65 casos = 92,8% dentre as gestantes cardiopatas. A comparação entre os grupos mostrou não haver diferenças entre idade e a paridade, e embora tenham sido verificadas diferenças entre as medidas da distância da linha esmalte-cemento à margem gengival (p = 0,01 e o índice de placa (p=0,04, a frequência da doença periodontal identificada em 20 (14,3% gestantes, não foi diferente entre os grupos (p = 0,147. O exame microbiológico mostrou uma proporção maior da bactéria P. gingivalis na saliva de gestantes saudáveis (p = 0,004. CONCLUSÃO: O estudo clínico e microbiológico periodontal durante a gravidez demonstrou igual frequência da doença periodontal em portadoras de valvopatia reumática quando comparada às mulheres saudáveis.

  6. Bem-estar subjectivo e envolvimento escolar em adolescentes de etnia cigana

    OpenAIRE

    Lopes, Sandra Raquel da Silva

    2012-01-01

    Exame público realizado em 27 de Julho de 2012. Dissertação de mestrado realizada no âmbito do Mestrado em Psicologia da Educação. Os alunos de etnia cigana são uma população em especial risco de abandono escolar, em parte devido ao nível elevado de absentismo e ao baixo rendimento académico. BES e o envolvimento escolar estão positivamente correlacionados em adolescentes, e o envolvimento escolar tem sido considerado um forte preditor do rendimento académico e abandono escolar. Contudo...

  7. Saúde sexual de adolescentes institucionalizadas: contribuições da enfermagem na perspectiva da teoria do Modelo de Promoção da Saúde de Nola Pender

    OpenAIRE

    Liana Viana Ribeiro

    2015-01-01

    O presente estudo tem por objeto a promoção da saúde sexual de adolescentes em situação de acolhimento institucional. A saúde sexual de adolescentes institucionalizadas confere uma temática intrigante. Em um contexto particular, estas jovens recentemente iniciaram suas atividades sexuais e estão cercadas por disparidades sociais que aumentam os riscos de DST/Aids e gravidezes precoces. Esta situação desperta preocupações em relação aos seus comportamentos sexuais e às próprias estratégias des...

  8. Sensibilidade e especificidade de classificação de sobrepeso em adolescentes, Rio de Janeiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vera Chiara

    2003-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a prevalência, sensibilidade e especificidade em detectar adolescentes em risco de obesidade, baseada no Índice de Massa Corporal (IMC. MÉTODOS: Foram avaliados 502 adolescentes de 12 a 18 anos, participantes da pesquisa Nutrição e Saúde do Município do Rio de Janeiro, desenvolvida em 1996. As variáveis do estudo foram: peso, estatura, IMC e dobra subescapular, de acordo com sexo e idade. As classificações para IMC foram comparadas com a classificação pela dobra subescapular no percentil 90 (excesso de adiposidade da população de adolescentes americanos. RESULTADOS: A prevalência de excesso de adiposidade foi mais elevada com a dobra subescapular (P<0,0001 comparada com as classificações do IMC que apresentaram valores aproximados. A especificidade foi superior à sensibilidade com as duas propostas do IMC. O ponto de equilíbrio entre sensibilidade e especificidade foi próximo ao percentil 70 para meninas e meninos menores de 14 anos. Em meninos maiores de 15 anos, o ponto de corte aproximou-se do percentil 50 do IMC. CONCLUSÃO: Ambas classificações do IMC foram mais adequadas para identificar adolescentes sem obesidade, não sendo sensíveis para rastrear excesso de adiposidade.

  9. A anorexia nervosa e fatores associados em adolescentes do sexo feminino, em município do sul do Brasil

    OpenAIRE

    Hulsmeyer, Ana Rodrigues; Marcon, Sonia Silva; Santana, Rosângela Getirana; Kállas, Daniel

    2011-01-01

    Objetivo foi investigar a prevalência de sintomas de anorexia nervosa e a sua associação com o Índice de Massa Corporal (IMC), e com satisfação e dimensão corporais, em adolescentes do sexo feminino. Trata-se de um estudo de base populacional, do tipo transversal, realizado com 407 adolescentes entre 14 e 19 anos, e incluiu a avaliação do IMC, o Eating Attitude Test, e a Escala de Silhuetas Corporais. A associação entre as variáveis dependente e independente foi realizada por meio da análise ...

  10. A gravidez na adolescência sob a perspectiva dos familiares: compartilhando projetos de vida e cuidado

    OpenAIRE

    Silva, Lucía; Tonete, Vera Lúcia Pamplona

    2006-01-01

    Estudo qualitativo, que objetivou apreender o significado da gravidez da adolescente para seus familiares. Empregou-se a entrevista semi-estruturada e discurso do sujeito coletivo. A gravidez da adolescente é representada como problema a ser enfrentado com o suporte familiar. As famílias preocupam-se e se mobilizam para resolver as adversidades. Além do choque pela notícia, impotência quanto à prevenção da gravidez, conformismo, alegria e melhora no relacionamento familiar pela chegada do beb...

  11. A fenomenologia existencial como possibilidade de compreensão das vivências da gravidez em adolescentes

    OpenAIRE

    Jorge, Maria Salete Bessa; Fiúza, Getúlio Vasconcelos; Queiroz, Maria Veraci Oliveira

    2006-01-01

    The research had as objective to comprehend the sense of pregnancy to the teenager pregnant trying to get the way of being and having be pregnant. It was done four in-deep interviews, using the core question: How do you feel being pregnant? The speeches and their meanings were analysed by the light of Heidegger's Phenomenology. In getting closer to the phenomena we get the way impersonal and not authentic of teenagers, the co-presence in relation to the boyfriend and family. They shown, still...

  12. Sentidos da trajetória de vida para adolescentes em medida de liberdade assistida

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Clara Costa Gomes

    2014-03-01

    Full Text Available O presente artigo trata de uma pesquisa que teve como objetivo compreender os sentidos atribuídos por adolescentes que cumpriam medida socioeducativa de liberdade assistida às trajetórias de vida e ao envolvimento com infrações à lei. Foram realizados sete sociodramas semanais com 21 adolescentes da comunidade, dos quais 18 eram do sexo masculino. As informações foram organizadas com base no modelo construtivo-interpretativo de González-Rey e analisadas à luz do aporte teórico da Psicossociologia. Da análise resultaram três zonas de sentido: 1 "Parecia uma vida fácil" - referente à sedução do mundo do crime; 2 "Minhas tábuas de salvação" - sobre as estratégias usadas ante os infortúnios da incursão infracional; 3 "A vida no crime não compensa" - concernente ao saldo das escolhas: dores, perdas e arrependimento. As discussões dos encontros desencadearam nos adolescentes relatos acerca do passado, presente e futuro e reflexões que conduzem à reconstrução de projetos de vida desvinculados de atos de infração. Concluiu-se que os métodos socionômico e de história de vida favoreceram a produção de sentidos pelos adolescentes a partir de sua proposta de ação e reflexão e forneceram informações relevantes para se compreender a trajetória infracional dos adolescentes, constituindo-se em poderosa ferramenta de pesquisa-intervenção junto a adolescentes em cumprimento de medidas socioeducativas.

  13. Rede social de adolescentes em liberdade assistida na perspectiva da saúde pública

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marilene Rivany Nunes

    2016-04-01

    Full Text Available RESUMO Objetivo: analisar o sentido da rede social de adolescentes que cumprem Liberdade Assistida e identificar os componentes essenciais dessa rede. Método: estudo exploratório, de abordagem qualitativa. Participaram do estudo 26 adolescentes com idade de 13 a 18 anos. Para a coleta dos dados, optou-se por entrevista semiestruturada e construção de mapas de rede. Resultados: evidenciou-se a essencialidade da rede social para os adolescentes, destacando-se a importância da família - especialmente a mãe -, e do Centro de Referência Especializado de Assistência Social, para promoção social e construção de um novo projeto de vida, sem envolvimento com atos infracionais. Todavia, os adolescentes não revelaram vínculos com profissionais de saúde. Conclusão: observou-se a necessidade do enfermeiro, enquanto profissional da atenção primária à saúde, atuar de forma intersetorial e interdisciplinar, no sentido de fortalecer a rede social de adolescentes em conflito com a lei.

  14. Análise da vulnerabilidade dos adolescentes à hepatite B em Teresina/PI

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Telma Maria Evangelista de Araújo

    2012-12-01

    Full Text Available Os adolescentes fazem parte de grupos com elevada suscetibilidade à infecção pelo vírus da hepatite B em função da adoção de comportamentos de risco. Este trabalho objetivou analisar a vulnerabilidade dos adolescentes à hepatite B. Para isso, realizou-se estudo desenvolvido por meio de inquérito epidemiológico com 196 adolescentes de 14 a 19 anos. Os resultados mostraram que 57,1% dos adolescentes já haviam iniciado a vida sexual, destes 45,5% não tinham parceiro(a estável, 54,5% pertenciam a faixa etária de 14 a 16 anos, 24,1% não usavam preservativo nas relações sexuais, 62,8% referiram não saber da transmissão do vírus da hepatite B e 61,2% não apresentavam cobertura vacinal contra este agravo. Conclui-se que os adolescentes constituem grupo vulnerável à hepatite B, devido a fatores condicionantes e determinantes, tais como desconhecimento sobre a doença, baixa cobertura vacinal, adoção de comportamento de risco e sensação de invulnerabilidade.

  15. Alcohol, drugs, and risky sexual behavior are related to HIV infection in female adolescents Álcool, drogas e comportamento sexual de risco estão relacionados à infecção por HIV em mulheres adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Margareth Siqueira Bassols

    2010-12-01

    Full Text Available OBJECTIVE: To examine associations between risk factors for HIV infection in a sample of young women who sought HIV testing in a city of southern Brazil. METHOD: Cross-sectional study with a consecutive convenience sample of 258 female adolescents aged 13 to 20 years evaluated in an anonymous testing site for HIV and sexually transmitted diseases in Brazil. Risk behavior for HIV was assessed with the Brazilian version of the Risk Assessment Battery and HIV status was assessed through ELISA (Enzyme Linked Immunosorbent Assay. RESULTS: Overall seropositivity rate was 7.4%. HIV-seropositive patients had significantly more sexual intercourse in exchange for money, higher rates of pregnancy and abortion, as well as earlier sexual debut. In multiple analyses with the inclusion of two composite variables (sex risk and drug risk, only drug risk was associated with positive HIV status (OR = 4.178; IC 95% = 1.476-11.827. CONCLUSION: Our findings suggest that high HIV seropositivity among female adolescents seeking HIV testing in Brazil directly reflects the need for effective interventions specifically designed to prevent risk behaviors in order to halt the spread of HIV infection.OBJETIVO: Descrever fatores de risco para infecção pelo HIV numa amostra de adolescentes do sexo feminino que procurou fazer o teste HIV em uma cidade do sul do país. MÉTODO: Num estudo transversal, 258 adolescentes do sexo feminino foram avaliadas em relação ao seu estado sorológico para o vírus HIV e comportamentos de risco utilizando-se a versão brasileira da escala Risk Assessment Battery. RESULTADOS: A taxa geral de soropositividade foi de 7,4%. As jovens soropositivas tiveram significativamente mais relações sexuais em troca de dinheiro, história de gravidez e aborto prévio, bem como iniciação sexual mais precoce do que as adolescentes soronegativas. Nas análises multivariadas, com a inclusão de duas variáveis compostas ("risco sexual" e "risco por drogas

  16. Menarca, gravidez precoce e obesidade em mulheres brasileiras selecionadas em um Centro de Saúde de Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gilberto Kac

    2003-01-01

    Full Text Available O objetivo foi identificar fatores obstétricos potencialmente associados à obesidade em 486 mulheres brasileiras entre 15-59 anos, residentes na Região Metropolitana de Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil. A gordura corporal (GC foi aferida por meio de exame de bioimpedância e a obesidade foi definida como GC > 30%. A associação entre fatores obstétricos e a obesidade foi avaliada a partir da técnica de regressão logística. Permaneceram associadas com a obesidade no modelo final após controle para o efeito da renda, fumo, consumo de álcool e prática de atividade física: idade de menarca 30 e 40 anos (OR = 3,32; IC95%: 1,76-6,27, idade ao primeiro parto (OR = 1,99; IC95%: 1,07-3,68 e a seguinte interação significativa: faixa etária de 30-39 e idade de menarca (OR = 0,27; IC95%: 0,09-0,83. Os fatores obstétricos se manifestam na obesidade por meio de uma complexa rede de inter-relações entre as covariáveis estudadas. É importante que sejam implementadas políticas eficazes de combate à obesidade durante o ciclo reprodutivo, e de planejamento familiar que busquem diminuir a freqüência de mães adolescentes.

  17. Estudo sobre valores em adolescentes = Study of values in adolescents = Estudio de los valores en los adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Godoy, Priscilla Brandi Gomes

    2015-01-01

    Full Text Available Os valores humanos podem ser associados ao desenvolvimento positivo de indivíduos e muitas vezes são utilizados como explicação para comportamentos e suas motivações. Com base na Teoria Funcionalista dos Valores Humanos, de Gouveia, este estudo objetivou investigar valores humanos em adolescentes, a partir de seis subfunções valorativas (existência, realização, normativa, suprapessoal, experimentação e interativa. Com uso do Questionário dos Valores Básicos, de Gouveia, Milfont, Fischer e Santos (2008, foram avaliados 453 estudantes do ensino fundamental II e médio, ambos os sexos, idades na média de 14,9 anos, em seis escolas da Baixada Santista (SP. As análises descritiva e inferencial indicaram resultados com predomínio da subfunção existência na amostra geral, com diferenças significativas para maiores médias em meninas e em escolas públicas. Os valores da subfunção existência têm sido relacionados a comportamentos positivos no âmbito social e podem ser considerados como reflexo do ensinado e vivenciado na escola, família e sociedade

  18. Fobia social em uma amostra de adolescentes Social phobia in a sample of adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gustavo J. Fonseca D'El Rey

    2006-04-01

    Full Text Available Este estudo relata a prevalência e o impacto na escolaridade da fobia social em uma amostra de adolescentes da cidade de São Paulo, SP, Brasil. O Inventário de Fobia Social (SPIN foi administrado em 116 estudantes adolescentes de 5ª, 6ª, 7ª e 8ª séries de ambos os sexos. A prevalência da fobia social foi de 7,8% na amostra de adolescentes, com maior incidência entre estudantes do sexo feminino, com idade entre 12 e 15. O impacto negativo na escolaridade foi grande, aproximadamente 89% dos adolescentes com fobia social repetiram o ano na escola ao menos uma vez.This study reports the prevalence and the impact in the education of social phobia in a sample of adolescents of the city of São Paulo, SP, Brazil. The Social Phobia Inventory (SPIN was administrated to 116 students of 5th, 6th, 7th and 8th grades of both sexes. The prevalence of the social phobia was 7.8% in the sample of adolescents, with higher incidence among female students, between 12 and 15 years old. The negative impact on the education was great, approximately 89% of the adolescents with social phobia repeated the year in the school at least one time.

  19. Vulnerabilidade de adolescentes escolares às DST/HIV, em Imperatriz - Maranhão

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Cristina Pereira de Jesus Costa

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi investigar a vulnerabilidade de adolescentes escolares em relação às Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST e ao Vírus da Imunodeficiência Humana (HIV, identificando os principais comportamentos de risco e de prevenção. Estudo transversal, quantitativo, realizado em três escolas públicas estaduais de Imperatriz, MA, com 295 adolescentes, por meio da aplicação de questionário estruturado. Os resultados apontam que: a maioria dos jovens (86,3% que usaram preservativo na última relação sexual habitualmente mantém essa prática; 82,8% dos adolescentes que compreendem o conceito de HIV se protegem contra essa infecção e acreditam que a principal forma de contaminação é por via sexual, por via sanguínea ou através da barreira placentária. Conclui-se que a maioria dos adolescentes participantes apresentou conhecimento coerente sobre práticas sexuais e comportamentos de risco, que os tornam vulneráveis às DSTs e ao HIV, apresentando aspecto positivo para a prevenção destas doenças.

  20. Alta prevalência de sedentarismo em adolescentes que vivem com HIV/Aids

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luana Fiengo Tanaka

    2015-09-01

    Full Text Available ResumoObjetivo:Verificar a prevalência de sedentarismo entre adolescentes com HIV/Aids e seus fatores associados.Métodos:Foram entrevistados 91 adolescentes de 10 a 19 anos, com HIV/Aids, em acompanhamento em uma unidade de infectologia universitária. Foram coletados dados antropométricos (peso, altura e circunferência da cintura em duplicata, informações clínicas foram obtidas nos prontuários médicos e a prática de atividade física habitual foi medida por meio do questionário proposto por Florindo et al. O ponto de corte para sedentarismo foi de 300 minutos/semana.Resultados:As prevalências de altura inadequada para idade, desnutrição e sobrepeso/obesidade foram de 15,4%, 9,9% e 12,1%, respectivamente. As atividades físicas mais citadas foram: futebol (44,4%, voleibol (14,4% e andar de bicicleta (7,8%. Os tempos medianos dispendidos com a prática de atividade física e caminhando/andando de bicicleta até a escola foram de 141 minutos e 39 minutos, respectivamente. A maioria dos adolescentes (71,4% era sedentária, proporção maior entre as meninas (p=0,046.Conclusões:Foi observada alta prevalência de sedentarismo entre adolescentes com HIV/Aids, prevalência essa semelhante àquela observada na população geral. Promover a prática de atividade física entre adolescentes - especialmente entre meninas - com HIV/Aids, assim como monitorá-la, deve fazer parte da rotina de acompanhamento desses pacientes.

  1. FATORES DE RISCO NA REPETIÇÃO DE GRAVIDEZ NA ADOLESCÊNCIA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eulália Maria Chaves-Maia

    2009-01-01

    Full Text Available A fim de traçar o perfil biopsicossocial de adolescentes com repetição de gravidez e seus fatores associados, investigou-se questões socio-demográficas, variáveis biológicas e psicológicas de 50 adolescentes multigestas.Os dados analisados através de estatística descritiva apontam que a maioria das adolescentes não frequentava a escola e vivia em união estável, que 54% não fez uso de métodos contraceptivos na primeira relação sexual e 88% nunca participou dos programas de Planejamento Familiar. Assim, políticas públicas de educação sexual e reprodutiva devem identificar comportamentos sexuais de risco, atuar na construção de valores familiares e no planejamento das gestações.

  2. Prevalência e fatores associados ao sedentarismo em adolescentes de área urbana

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Helena Klee Oehlschlaeger

    2004-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Determinar a prevalência e fatores associados ao sedentarismo em adolescentes residentes em uma área urbana. MÉTODOS: Realizou-se estudo transversal em uma amostra representativa de 960 adolescentes com idades entre 15 e 18 anos, em 2002, em Pelotas, Estado do Rio Grande do Sul. Os dados foram coletados por meio de um questionário anônimo e auto-aplicado. Foi definindo como sedentário o adolescente que participava de atividades físicas por um tempo menor do que 20 minutos diários e uma freqüência menor do que três vezes por semana. Variáveis sociodemográficas e comportamentais foram avaliadas. Para as comparações entre proporções, utilizou-se o teste do qui-quadrado, e para a análise multivariada, a regressão de Poisson com ajuste robusto para as variâncias. Foi feito controle para efeito de delineamento. RESULTADOS: Foram entrevistados 960 adolescentes, dos quais 39% foram considerados sedentários. As meninas foram mais sedentárias do que os meninos, 2,45 (IC 95% 2,06-2,92. Os adolescentes das classes sociais mais baixas foram mais sedentários, 1,35 (IC 95% 1,06-1,72. Escolaridade inferior a quatro anos de estudo do adolescente 1,30 (IC 95% 1,01-1,68 e da mãe 1,75 (IC 95% 1,31-2,23 apresentaram maior risco para o sedentarismo. Após controle para possíveis fatores de confusão, mostrou-se também positiva a associação entre o sedentarismo e a presença de transtornos psiquiátricos menores e relação inversa, fator de proteção para os sexualmente ativos 0,84 (IC 95% 0,71-0,99. CONCLUSÕES: Ser do sexo feminino, pertencer à classe social baixa, ter uma baixa escolaridade e ser filho de mãe com baixa escolaridade são fatores associados ao sedentarismo.

  3. Mães adolescentes em situação de rua: uma revisão sistemática da literatura Homeless adolescent mothers: a systematic review of the literature

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Anne Lise Sandoval Scappaticci Silveira

    2010-01-01

    Full Text Available Pouco se sabe sobre mães adolescentes que passam por gravidez ou maternidade fora de casa. Este estudo é uma revisão da literatura epidemiológica sobre esse fenômeno crescente. Os artigos foram identificados através de pesquisa nas seguintes bases de dados eletrônicas: MEDLINE, Lilacs, SciELO, PsychINFO, CINHAL, ERIC e Sociological Abstracts; 19 referências foram recuperadas. Os estudos mostram ampla heterogeneidade dos objetivos e dos métodos e revelam principalmente que as adolescentes têm elevadas taxas de abuso de substâncias, transtornos mentais, falta de apoio social, comportamento sexual, violência física e sexual; gravidez e interação mãe-criança problemáticas. Poucos artigos resultaram da revisão metodológica realizada sobre essa população. As mães adolescentes de rua têm grande exposição à violência, abuso de drogas e risco de problemas de saúde física e mental. Mais estudos centrados no estigma e em métodos de intervenção para esse grupo de mulheres são necessários nesta área, especialmente em populações culturalmente distintas.Little is known about adolescent mothers who are homeless during pregnancy and motherhood. This study is a review of the epidemiological literature about this increasing phenomenon. Articles were identified by searching the following electronic databases: MEDLINE, Lilacs, SciELO, PsychINFO, CINHAL, ERIC and Sociological Abstracts; 19 studies were retrieved. The studies showed a wide heterogeneity of objectives and methods, and mainly revealed that the teenagers have high rates of substance abuse, mental disorders, lack of social support, sexual behavior, physical and sexual violence, and troublesome pregnancy and mother-child interaction. Our methodological review found few articles about this population. Homeless adolescent mothers are extensively exposed to violence, drug abuse, and risk of physical and mental health problems. Further studies are needed about this topic

  4. Violência sexual e sua prevalência em adolescentes de Porto Alegre, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Polanczyk Guilherme Vanoni

    2003-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Verificar a prevalência da exposição à violência sexual entre adolescentes estudantes de escolas estaduais. MÉTODOS: Foram selecionadas 52 escolas estaduais de Porto Alegre, RS, Brasil, com ensino fundamental completo, por meio de um processo de amostragem aleatória, estratificada de acordo com o tamanho das escolas. Foi selecionada, em cada escola, uma turma de oitava série por sorteio aleatório e foram incluídos todos os adolescentes presentes nas salas de aula que consentiram em participar do estudo. Foi utilizado o instrumento Triagem da Exposição de Crianças à Violência na Comunidade para identificar jovens que foram vítimas, testemunhas ou que conheciam vítimas de atos de violência sexual. RESULTADOS: Foram incluídos 1.193 adolescentes, representando 10,3% dos alunos matriculados na oitava série da rede estadual da cidade. Vinte e sete (2,3% adolescentes relataram ter sido vítimas de violência sexual, 54 (4,5% ter sido testemunhas de algum tipo de violência sexual e 332 (27,9% relataram conhecer alguém que tenha sido vítima de violência sexual. CONCLUSÕES: A exposição à violência sexual pelas três formas de contato relatadas mostrou-se freqüente entre os adolescentes estudados. São necessários estudos que abordem a violência sexual como um fenômeno social amplo, com múltiplos fatores associados, amparando estratégias comunitárias de prevenção e de tratamento.

  5. Insatisfação corporal em adolescentes rurais e urbanos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edio Luiz Petroski

    2009-12-01

    Full Text Available O objectivo do estudo foi identificar a prevalencia de insatisfacao com a imagem corporal em adolescentes domiciliados nas areas rurais e urbanas, e analisar a influencia das variaveis demograficas e antropometricas na insatisfacao com a imagem corporal. Participaram do estudo 629 adolescentes de 13 a 17 anos, de areas urbanas e rurais. Foram coletadas informacoes demograficas (sexo, idade, area de domicilio, antropometricas (massa corporal, estatura, espessura de dobras cutaneas e imagem corporal. O IMC (baixo peso: <18,5kg/m2; eutrofico: entre 18,5-25,0kg/m2; excesso de peso: >25kg/m2 e somatorio de espessura de duas dobras cutaneas . ƒ°2DC (baixo: <16mm; ideal: de 16-36mm; alto: >36mm para mocas; baixo: <12mm; ideal: de 12-25mm; alto: >25mm, para rapazes foram derivados subsequentemente. A prevalencia de insatisfacao com a imagem corporal foi similar (p.0,05 entre os adolescentes rurais (64,2% e urbanos (62,8%. Enquanto os rapazes desejavam aumentar a silhueta corporal (41,3%, as mocas, desejavam reduzir (50,5% (p<0,001. Os adolescentes com baixo peso e excesso de peso, pelo IMC, e aqueles com o ƒ°2DC alto, respectivamente, apresentaram 3,14, 8,45 e 2,08 vezes mais probabilidades de insatisfacao com a imagem. Elevada prevalencia de insatisfacao com a imagem corporal foi observada em adolescentes da area rural e urbana. A inadequacao do estado nutricional e a adiposidade corporal aumentam as probabilidades de insatisfacao com a imagem corporal. Esses achados enfatizam a pressao social sobre o sexo feminino de almejar a magreza, e o masculino de ressaltar o sobrepeso desejando um porte atletico.

  6. Adolescentes em Atendimento Socioeducativo e Escolarização: Desafios Apontados por Orientadores Educacionais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Raíssa Costa Faria de Farias Seabra

    Full Text Available Resumo O adolescente em cumprimento de medida socioeducativa em regime aberto possui o direito de frequentar a escola, que deve afetar positivamente sua formação global e desenvolvimento psicológico. Entretanto, a inserção e permanência desses adolescentes no ambiente escolar se mostram desafiadoras. Trata-se aqui de pesquisa exploratória que teve por objetivo o levantamento das estratégias pedagógicas adotadas para promover a inclusão e o sucesso acadêmico desses jovens, em quatro escolas do Distrito Federal. Participaram do estudo cinco orientadoras educacionais. As informações foram obtidas a partir de entrevistas semiestruturadas, e analisadas qualitativamente segundo sistema aberto de categorização. Os resultados apontaram dificuldades e possibilidades: a insuficiência de estratégias pedagógicas que atendam às especificidades destes alunos; precária interlocução entre atores do atendimento socioeducativo e a escola; motivação para o efetivo acompanhamento pedagógico dos adolescentes nas escolas; compreensão de que o ambiente escolar deve possibilitar o desenvolvimento integral dos estudantes.

  7. Ato infracional e medida socioeducativa: representações de adolescentes em L.A.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bianca Izoton Coelho

    2013-01-01

    Full Text Available A pesquisa analisou as representações sociais de ato infracional e medida socioeducativa em adolescentes em conflito com a lei. Utilizou-se, como aporte teórico e metodológico, a Teoria das Representações Sociais. Participaram da pesquisa quarenta e seis adolescentes que cumpriam, há mais de três meses, a medida de Liberdade Assistida. Os dados foram coletados, por meio de entrevistas, com um roteiro semiestruturado e consistiram na técnica das evocações livres por meio dos termos ato infracional e medida socioeducativa. Utilizou-se o software EVOC para análise das evocações emitidas. Os resultados apontaram como caracterização socioeconômica dos adolescentes: renda familiar baixa, baixo nível de escolaridade, local de residência precário, etnias afro-descendentes predominantes e distanciamento da religião. As representações sociais de ato infracional relacionaram-se aos tipos de atos infracionais e às suas causas e consequências. As representações sociais de medida socioeducativa relacionaram-se a ações positivas em que, além da aprendizagem, houve a possibilidade de mudança.

  8. Fenomenologia das motivações do adolescente em conflito com a lei

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Clara Jost

    Full Text Available Este trabalho visa a avaliar as motivações mobilizadoras do comportamento do adolescente em conflito com a lei, adotando o conceito interativo do ato infracional. Entrevistas, individuais e semi-estruturadas, foram realizadas com adolescentes do sexo masculino, privados de liberdade. Os conteúdos obtidos foram organizados em núcleos temáticos, analisados fenomenologicamente e articulados às motivações subjacentes. Os resultados revelaram uma ambivalência vivencial que corrompe as subjetividades e fragmenta os relacionamentos intersubjetivos, forjando angústia existencial. Essa angústia se expressa em ações contra si mesmo e a sociedade. Pontua-se a necessidade de intervenções psicossociais que considerem o problema não somente a partir dos determinismos simbólicos e culturais que o engendram, mas que também incluam a busca de respostas desses adolescentes ao seu sofrimento humanístico-existencial.

  9. Avaliação da Vergonha em Adolescentes: ‘The Other as Shamer Scale’

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marina Cunha

    2017-11-01

    Full Text Available RESUMO A vergonha, entendida como uma emoção autoconsciente, multifacetada e socialmente focada, desempenha um papel central na saúde mental dos indivíduos. Nos adolescentes, é também uma experiência frequente, sendo importante a sua avaliação para a investigação e prática clinica. Este estudo pretende validar uma medida breve de vergonha externa (Escala de Vergonha Externa - Versão breve para Adolescentes [OASB-A]. Participaram 834 adolescentes com uma média de 15 anos. O modelo final da OASB-A (8 itens, obtido por meio da Análise Fatorial Confirmatória, apresenta um bom ajustamento aos dados, invariância para o sexo, boa consistência interna e fidedignidade temporal adequada. As correlações com as experiências traumáticas de vergonha (IES-R e sintomatologia psicopatológica (DASS-21 são significativas. A OASB-A é uma medida válida e econômica para avaliação da vergonha externa em adolescentes.

  10. O aborto entre adolescentes El aborto entre los adolescentes The abortion among adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vera Lúcia Costa Souza

    2001-04-01

    Full Text Available Para algumas adolescentes a gravidez realização e felicidade, mas para a maioria delas significa momento de tristeza, medo e até mesmo desespero, pois o filho não estava nos seus planos e o aborto se apresenta como única saída. Este estudo retrospectivo objetivou traçar o perfil epidemiológico das adolescentes internadas que se submeteram a curetagem, no Hospital Geral Clériston Andrade em Feira de Santana-Bahia, no período de janeiro/1995 a dezembro/1997. Os resultados demonstraram a necessidade de trabalho educativo como forma de prevenção da gravidez indesejada.Para algunas adolescentes el embarazo felicidad y realización, pero para la mayoría de ellas significa un momento de tristeza, miedo e incluso desesperación, pues el hijo no estaba en sus planes y el aborto se presenta como única salida. Este estudio retrospectivo buscó trazar el perfil epidemiológico de las adolescentes hospitalizadas que fueron sometidas a legrado de enero del 1995 al diciembre del 1997. Los resultados señalaron una gran necesidad del trabajo educativo como alternativa para prevenir embarazos no deseados.For some adolescents, pregnancy means happiness and fullfillment. However, for most of them, it means a sad moment, characterized by fear and despair, as this is an unplanned situation and the abortion seems the only alternative. This retrospective study aimed at finding out the epidemiological profile of the adolescents admitted at the Clériston Andrade General Hospital, in Feira de Santana, Bahia, that were submitted to a curettage from January 1995 to December 1997. The results showed the need for educative programs in order to prevent unplanned pregnancies.

  11. eenagers Want to be Mothers... But... Las adolescentes quieren ser madres... pero... Adolescentes desejam ser mães… mas…

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    DURÁN DE VILLALOBOS MARÍA MERCEDES

    2010-10-01

    entrevistas a profundidad a 30 adolescentes gestantes, Del análisis emergieron siete categorías: “Embarazo inesperado”, “Asumiendo el embarazo”, “Experimentando formas de cuidarse”, “Padeciendo pérdidas por el embarazo”, “Culpándose por el embarazo”, “Resistiéndose al aborto” y “Reedificando redes de apoyo”. Emerge la categoría central y por ende el planteamiento hipotético afirmando que las adolescentes están “Deseando el embarazo pero no tan pronto”. Se parte del concepto ambivalencia como hilo conductor para mostrar cómo evoluciona esta secuencia de acciones/interacciones en respuesta a la experiencia del embarazo y cómo se alinean según las condiciones y cambios que han experimentado en su contexto también ambivalente.

    Se concluye que las adolescentes embarazadas delegan en el hombre la protección frente a un posible embarazo, sin embargo, cuando se enteran de estar embarazadas los excluyen y excusan de cualquier responsabilidad. Asocian cuidado con cambios en sus comportamientos sociales sin ser significativos los cambios físicos. El 21% de las participantes, están pasando por su segundo embarazo, indicador alarmante para el bienestar de estas jóvenes y sus hijos por nacer. La relación padres-adolescente se afianza durante el embarazo, aunque sus madres cuando tuvieron conocimiento de que sus hijas ya habían iniciado su actividad sexual, lo ignoraron. Se hace un llamado urgente a innovar estrategias de cuidado individualizado y contextualizado.

    Este estudo foi realizado com base teórica e objetivou o seguinte: descrever a experiência de gravidez e gerar uma hipótese sobre esse processo em um grupo de adolescentes; coletar dados através de entrevistas em profundidade realizadas em 30 adolescentes grávidas.

    Sete categorias surgiram da analise: “Gravidez inesperada”; “Assumindo a gravidez”, “Experimentando métodos de prevenção”,

  12. Trajetórias escolares de adolescentes em conflito com a lei

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marina Rezende Bazon

    2013-06-01

    Full Text Available O objetivo do presente estudo foi descrever o percurso e caracterizar as trajetórias escolares de adolescentes em conflito com a lei no tocante às suas experiências educacionais. Participaram seis adolescentes em cumprimento de Medida Socioeducativa e seus respectivos responsáveis. Coletaram-se informações em 22 estabelecimentos educacionais frequentados pelos mesmos, desde o início de suas vidas escolares, em complementação às entrevistas semiestruturadas realizadas. A análise qualitativa indicou a existência de dois padrões de trajetórias de escolarização, sendo um marcado pela descontinuidade na qualidade das vivências escolares, com um período inicial positivo, que torna-se negativo em seguida; e outro, cuja marca é a continuidade preponderantemente negativa da experiência, desde o início. Implicações dessas trajetórias ao surgimento e manutenção de conduta infracional são discutidas.

  13. Habilidades sociais: fator de proteção contra transtornos alimentares em adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Laura Giron Uzunian

    2015-11-01

    Full Text Available Resumo O objetivo desse estudo foi revisar a literatura a cerca da relação entre transtornos alimentares e habilidades sociais em adolescentes. Pesquisou-se as bases de dados Medline, SciELO e Lilacs, cruzando os descritores “transtornos alimentares”, “anorexia nervosa”, “bulimia nervosa” e “comportamento alimentar”, com os descritores “psicologia social” e “isolamento social”, e com as palavras chave “competência social”, “habilidade social” e “relação interpessoal”. Incluiu-se estudos com adolescentes, nos idiomas português, inglês e espanhol, e publicações realizadas entre os anos de 2007 a 2012. A busca resultou em 63 artigos, sendo incluídos 50 nesta revisão. A maioria dos estudos foi conduzido no Brasil e nos Estados Unidos. Do total, 43 eram artigos originais. Os estudos visavam compreender como o estado emocional poderia influenciar no estabelecimento dos transtornos alimentares, assim como as relações interpessoais e a relação entre os pares. Os artigos também discutiram a influência da mídia e da sociedade neste processo. A partir da análise dos estudos, observou-se que quanto maior o repertório de habilidades sociais dos adolescentes, maior será o fator de proteção contra o desenvolvimento de transtornos alimentares.

  14. A autoestima afeta a insatisfação corporal em adolescentes do sexo feminino?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leonardo de Sousa Fortes

    2014-09-01

    Full Text Available Objetivo: O objetivo do estudo foi avaliar a influência da autoestima na insatisfação corporal de adolescentes do sexo feminino. Métodos: Participaram 397 adolescentes com idade entre 12 e 17 anos. Utilizou-se o Body Shape Questionnaire (BSQ para avaliar a insatisfação corporal. A Escala de Autoestima de Rosemberg foi utilizada para avaliar a autoestima. Foram mensurados peso corporal, estatura e dobras cutâneas. Esses dados antropométricos foram controlados nas análises estatísticas. Resultados: O modelo de regressão múltipla indicou influência das subescalas "autoestima positiva" (R2=0,16; p=0,001 e "autoestima negativa" (R2=0,23; p=0,001 nos escores do BSQ. A análise univariada de covariância demonstrou diferenças nos escores do BSQ (p=0,001 em razão dos grupos de autoestima. Conclusão: Concluiu-se que a autoestima influenciou a insatisfação corporal em meninas adolescentes de Juiz de Fora/MG.

  15. O que é comportamento de risco para transtornos alimentares em adolescentes?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Greisse Viero da Silva Leal

    2013-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Caracterizar comportamento de risco para transtornos alimentares (TA e sua frequência entre adolescentes em uma revisão da literatura nacional e internacional. MÉTODOS: Foi realizada uma busca bibliográfica por meio de uma revisão integrativa nas bases de dados PubMed (US National Library of Medicinee Lilacs e no portal SciELO,utilizando-se os descritores relacionados à "eating disorder risk behavior". Foram selecionados artigos publicados nos últimos 10 anos, nos idiomas português, espanhol e inglês, e especificamente com adolescentes. Foram avaliados 76 artigos e analisados a nomenclatura e os instrumentos utilizados para avaliar comportamento de risco para TA e sua prevalência. RESULTADOS: Encontrou-se uma série de termos para avaliar risco para TA. A metodologia mais utilizada foi a de questionários e escalas, destacando-se o EAT-26 ou 40 e o BITE, dentre os mais frequentes; a prevalência de risco variou de 0,24% a 58,4%. CONCLUSÃO: Diferentes nomenclaturas e instrumentos são utilizados para avaliar comportamento de risco para TA entre adolescentes, com grande amplitude nos resultados de prevalência. Maior padronização de termos e metodologia de avaliação permitiriam melhor comparação entre estudos epidemiológicos em diferentes localidades.

  16. O sentimento de vergonha em crianças e adolescentes com TDAH

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Paula Amaral Fernandes

    2014-06-01

    Full Text Available O presente estudo teve como objetivo compreender o julgamento do sentimento de vergonha em situações de violação às regras em crianças e adolescentes com diagnóstico de Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH. As situações de violação às regras envolviam os pais, o professor e os pares. Participaram do estudo 20 crianças e adolescentes de ambos os sexos, com idades entre 11 e 14 anos que cursavam entre o 5º e 8º anos do Ensino Fundamental II de uma escola da rede particular de ensino e de uma instituição destinada ao diagnóstico e tratamento de crianças com queixa escolar. Os participantes foram subdivididos em dois grupos: Grupo 1 (G1 constituído por 10 crianças e adolescentes com diagnóstico de TDAH, apresentação predominantemente combinada, e o Grupo 2 (G2, formado por 10 crianças e adolescentes sem queixas comportamentais. O desenvolvimento moral e a compreensão do sentimento de vergonha foram investigados por meio de histórias hipotéticas. Em relação ao nível de desenvolvimento moral, os resultados apontaram que os participantes dos dois grupos encontram-se na autonomia moral ou em transição entre a heteronomia e autonomia, sem diferença entre eles, o que impossibilita a comparação desses dados e os voltados para a avaliação do sentimento de vergonha. Os resultados obtidos evidenciaram também diferenças entre os grupos no que se refere à compreensão do sentimento de vergonha em situações de violação às regras e também em relação aos envolvidos nas histórias (pais, professor e pares.

  17. O perfil das puérperas adolescentes atendidas em uma maternidade de referência de Fortaleza-Ceará Perfil de las madres adolescentes atendidas en una maternidad de referencia en Fortaleza-Ceará The profile of the puerperal adolescents treated in a referenced maternity in Fortaleza-Ceará

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Náira de Oliveira Caminha

    2012-09-01

    Full Text Available Objetivou-se caracterizar o perfil das puérperas adolescentes de uma maternidade de Fortaleza-CE. Estudo descritivo, transversal e quantitativo, realizado no Alojamento Conjunto da Maternidade Escola Assis Chateaubriand, no período de março a julho de 2009, com 200 adolescentes. Os dados foram obtidos por meio de entrevistas. A maioria apresentava idade entre 15 e 19 anos (91,0%, residia na capital (78,0%, vivia com o pai de seu filho (64,5%, tinha baixa escolaridade (55,5%, considerava-se parda (61,5% e dona-de-casa (53%. Quanto aos métodos anticonceptivos, 73,5% usaram algum método antes de engravidar, 65,5% desejaram a gravidez e 32,5% planejaram a gravidez. Durante a gravidez, 18,5% tiveram internação hospitalar e 82,5% não utilizavam drogas. Torna-se relevante a função do enfermeiro como educador em saúde para orientá-las e torná-las autônomas na promoção de sua saúde sexual.El objetivo de ese estudio fue caracterizar el perfil de las madres adolescentes atendidas en una maternidad de referencia en Fortaleza, Ceará. Estudio descriptivo, transversal y cuantitativo, llevado a cabo en el alojamiento conjunto de la Maternidade Escola Assis Chateaubriand, de marzo a julio de 2009, con 200 adolescentes. Los datos fueron obtenidos por medio de entrevistas. La mayoría tenía entre 15 y 19 años (91,0%, residía en la capital (78,0%, vivía con el padre de su hijo (64,5%, tenía bajo nivel de educación (55,5%, consideraba a sí misma como mixta (61,5% y era ama de casa (53%. Sobre los métodos anticonceptivos, el 73,5% utilizaron algún método antes del embarazo, el 65,5% deseaban embarazar y el 32,5% planearon el embarazo. Durante este periodo, el 18,5% fueron hospitalizados y el 82,5% no consumía drogas. Es importante el papel de la enfermera como educadora de salud para guiarlos y hacerles autónomas en la promoción de la salud sexual.This study aimed to characterize the profile of puerperal adolescents in a maternity ward

  18. Comparação entre duas coortes de mães adolescentes em município do Sudeste do Brasil Comparison between two cohorts of adolescent mothers in Southeastern Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eleonora RO Ribeiro

    2000-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Comparar a prevalência de gravidez na adolescência e analisar variáveis sociobiológicas relacionadas ao binômio mãe-filho entre duas coortes de mães adolescentes de nascidos vivos em Ribeirão Preto (1978-1979 e 1994. MÉTODOS: Foram entrevistadas mães adolescentes logo após o parto, sendo 943 em 1978/79 e 499 em 1994, abrangendo nascidos vivos de parto único, de famílias residentes em Ribeirão Preto, SP. Foi utilizado o teste do qui-quadrado, com nível de significância de 0,05. RESULTADOS: O percentual de mães adolescentes aumentou de 14,1% em 1978/79 para 17,5% em 1994 (pOBJECTIVE: To compare the prevalence of pregnancy among adolescents and analyze trends in some social and biological variables among two cohorts of adolescent mothers in Ribeirão Preto, Brazil, during 1978/79 and 1994. METHODS: Two cohorts of adolescent mothers were interviewed shortly after delivery, comprising 943 women in the first survey (1978/79 and 499 in the second (1994. Both surveys covered more than 98% of births in all childbirth clinics. Only singleton livebirths from adolescent mothers living in the municipality were included in the analysis. The Chi-square test was used for statistical analysis, with a 0.05 significance level. RESULTS: The percentage of adolescent mothers increased from 14.1% in 1978/79 to 17.5% in 1994 (p<0.05, mainly due to an increase in deliveries in the 13-17 years age group. There was a reduction in the number of smokers and mothers with lower schooling. The number of prenatal care visits increased. There was also an increase in the proportion of single mothers, of those who were employed and got private delivery care. Low birth weight and preterm birth rates remained unchanged for all of them. Ceasarean section and forceps delivery rates increased substantially. Mothers in the 13-17 years age group however showed twice as much premature and low birth weight children, a higher proportion of single mothers with

  19. Perfil de puérperas adolescentes atendidas em um hospital ensino do sul do país = The profile of teenage mothers attending in a teaching hospital at Southern Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Keila Okuda Tavares

    2012-01-01

    Full Text Available A gravidez na adolescência acarreta consequências sociais, emocionais e de saúde. O objetivo deste estudo foi traçar o perfil de puérperas adolescentes atendidas em um Hospital Ensino do Sul do país. Trata-se de uma pesquisa observacional, retrospectiva, transversal. A amostra foi composta por puérperas adolescentes, atendidas na Maternidade do Hospital Universitário do Oeste do Paraná (HUOP, em outubro de 2008. Foi evidenciado alto número de partos em adolescentes (26,22%. A maior parte residia na zona urbana, apresentava Ensino Médio incompleto, início precoce da vida sexual, união consensual, renda familiar baixa, não exercia atividade remunerada, iniciou tardiamente o pré-natal e era primigesta. Os resultados encontrados são semelhantes aos de outros estudos com adolescentes grávidas no Brasil. Os programas voltados para a prevenção das doenças sexualmente transmissíveis e consequentemente a gravidez indesejada na adolescência, não estão apresentando os resultados esperados. São necessárias atividades de educação em saúde para que as estratégias sejam incorporadas ao dia-a-dia. Um trabalho educacional realizado em parceria com as escolas e com os pais é uma alternativa. Durante o pré-natal e após o nascimento da criança, é necessário um trabalho que vai além da assistência voltada à saúde física da mãe e do bebê.The adolescent pregnancy brings social, emotional and health consequences. The aim of this study was to delineate the profile of teenage mothers attended in a Teaching Hospital in Southern Brazil. This is an observational, retrospective, and transversal research. The sample was composed by adolescents, attended at the Maternity from the Hospital Universitário do Oeste do Paraná (HUOP, during October 2008. A high number of births among adolescents (26.22% was evidenced. Most of them lived in urban areas, with incomplete secondary education, early sexual activity, consensual union, low

  20. Consumo de alcohol y autoestima en adolescentes Consumo de álcool e autoestima em adolescentes Alcohol consumption and self esteem in adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alicia Álvarez Aguirre

    2010-06-01

    Full Text Available La presente investigación tuvo como objetivo analizar la relación entre el nivel de autoestima y el consumo de alcohol en los adolescentes, a través de la realización de un estudio descriptivo transversal, en una facultad de enfermería en la ciudad de Querétaro, en México, en el mes de julio de 2008, en una muestra de 109 adolescentes, entre 17 y 20 años. Para la obtención de los datos fueron aplicados dos instrumentos: AUDIT y Cuestionario de autoestima de Rosemberg. La mayoría de los adolescentes participantes tuvieron la autoestima elevada (94.5%, ninguno presentó autoestima baja. El 80.7% de los adolescentes del estudio no tiene riesgo de consumo de alcohol. Se concluye que la mayoría de los adolescentes presentaron una elevada autoestima y tuvieron riesgo bajo de consumo de alcohol. Por lo que se sugiere implementar programas preventivos con respecto al consumo de alcohol y factores protectores a fin de que los adolescentes continúen con un estilo de vida saludable.O presente estudo teve como objetivo analisar a relação entre o nível de autoestima e o consumo de álcool em adolescentes, através da realização de estudo descritivo transversal, em uma faculdade de enfermagem de Queretaro, México, no mês de julho de 2008, com amostra de 109 adolescentes, entre 17 e 20 anos. Para obtenção dos dados, foram aplicados dois instrumentos, o AUDIT e o questionário de autoestima de Rosemberg. A maioría dos adolescentes participantes tinha autoestima elevada (94,5%, nenhum apresentou baixa autoestima. Nesta amostra, 80,7% dos adolescentes não possui risco para consumo de álcool. Conclui-se que os adolescentes apresentaram elevada autoestima e baixo risco para o consumo de álcool. Portanto, é necessário implementar programas preventivos relacionados ao consumo de álcool e identificar os fatores protetores para garantir a manutenção de hábitos saudáveis pelos adolescentes.The aim of this study was to analyze the

  1. Falhas na identificação da infecção pelo HIV durante a gravidez em São Paulo, SP, 1998

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    HHS Marques

    2002-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: O aumento de casos de Aids em mulheres no Estado de São Paulo desencadeou uma série de medidas para reduzir a transmissão materno-infantil do HIV. Assim, realizou-se estudo com o objetivo de avaliar falhas na implantação dessas medidas, do ponto de vista da cobertura e da qualidade do pré-natal, em serviços de referência que atendem mulheres soropositivas no Estado de São Paulo. MÉTODOS: Foram entrevistadas, por meio de questionário estruturado, todas as mulheres soropositivas de três cidades do Estado de São Paulo (São Paulo, Santos e São José do Rio Preto. Todas as mulheres possuíam no mínimo 18 anos de idade, tiveram filhos em 1998 e fizeram consulta com infectologista (ela mesma ou seu filho. As mulheres foram avaliadas quanto à realização do pré-natal e ao conhecimento da soropositividade para o HIV antes, durante ou após a gestação. RESULTADOS: Do total de 116 mulheres, 109 (94% fizeram pré-natal, 64% procuraram os serviços durante o primeiro trimestre, e o número de consultas foi de pelo menos três em 80% dos casos. A idade média das mulheres que fizeram pré-natal foi de 29,1 anos, estatisticamente maior do que a das mulheres que não o fizeram (24,3 anos. Sabiam ser soropositivas antes de engravidar 45% das mulheres, 38% souberam durante a gravidez, e 17%, após o nascimento da criança. O teste para o HIV foi oferecido para 82% das mulheres que não conheciam seu status sorológico. Destas, apenas 56% receberam explicação sobre a importância do teste. As unidades básicas de saúde (UBS foram os locais onde a informação menos ajudou a conhecer o risco para a criança (p=0,037 e a necessidade de tratamento (p=0,0142. CONCLUSÕES: As principais falhas identificadas foram o não-oferecimento do teste HIV durante a gestação e a inadequada qualidade da informação. O principal local de atendimento para essas pessoas são as UBS. Estas foram as que menos contribuíram para a compreensão dos

  2. Pulmão e gravidez

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Inês A C Gonçalves Marcos

    2007-03-01

    Full Text Available Resumo: A patologia respiratória é relativamente frequente durante a gravidez. Um terço das grávidas sofrem exacerbação da asma. O tromboembolismo pulmonar é cerca de 5 vezes mais frequente na gravidez. As pneumonias bacterianas, virais e fúngicas são mal toleradas pela grávida, provocando significativa morbilidade materno-fetal, insuficiência respiratória, baixo peso ao nascer ou prematuridade. A tuberculose, se não for tratada, pode aumentar em 4 vezes a mortalidade materna e em 9 vezes o parto pré-termo. A gravidez está contra-indicada em mulheres com fibrose quística e função pulmonar grave. Apesar dos progressos terapêuticos, a hipertensão pulmonar continua a estar associada a valores superiores a 30% de morbilidade e mortalidade materno-fetal. Aproximadamente 1 em 1000–1500 gravidezes é complicada por neoplasia maligna materna. O cancro do pulmão nas grávidas coloca desafios terapêuticos importantes devido às elevadas taxas de mortalidade. Abstract: Respiratory pathology can be relatively frequent during pregnancy. One third of pregnant woman may experience worsening of their asthma condition. Pulmonary tromboembolism is 5 times more frequent in pregnancy. Bacterial, viral and fungal pneumonias are baddly tolerated during pregnancy, provoking mother-foetal morbidity, respiratory insufficiency, low born-weight or prematurity. Non-treated tuberculosis may increase maternal mortality and preterm birth by 4 and 9 times respectively. Pregnancy is counter-indicated in women with cystic fibrosis and severe pulmonary function. Despite therapeutic progresses already made, pulmonary hypertension is associated to over 30% of mother-foetal morbidity and mortality. Approximately 1 in 1,000-1,500 pregnancies is affected by mother cancer. High rates of lung cancer morbility in women bring new and important challenges to therapy. Palavras-chave: Pulmão, gravidez, altera

  3. Motivos e prevalência de insatisfação com a imagem corporal em adolescentes

    OpenAIRE

    Petroski,Edio Luiz; Pelegrini,Andreia; Glaner,Maria Fátima

    2012-01-01

    OBJETIVO: Verificar os motivos e a prevalência de insatisfação com a imagem corporal (IC) em adolescentes. Métodos: Participaram do estudo 641 adolescentes de 11 a 17 anos. A imagem corporal foi autoavaliada através da escala de nove silhuetas corporais. Resultados: A prevalência de insatisfação com a IC foi de 60,4% (masculino = 54,5%, feminino = 65,7%; p < 0,05). Os rapazes (26,4%) apresentaram maior desejo em aumentar o tamanho da silhueta corporal, enquanto as moças (52,4%) desejavam dimi...

  4. Vivendo em contexto de violência: o caso de um adolescente

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lordelo Lia da Rocha

    2002-01-01

    Full Text Available Este trabalho integra um estudo longitudinal, explorando nexos entre uma história marcada cotidianamente pela violência doméstica e urbana e a construção social de uma cultura pessoal em um adolescente de 14 anos, o segundo dos três filhos de uma família matrifocal. Apoiou-se em entrevistas semi-estruturadas realizadas em diferentes períodos do estudo. Na análise, caracteriza-se um processo de construção social do envolvimento com a violência (na condição de vítima e de agressor, destacando-se o contexto sociocultural imediato, estruturado por situações adversas como pobreza, conflitos intra-familiares e sociais e, especificamente, violência, todos estes formando o que se poderia chamar de ecologia propiciadora de atos violentos.

  5. Percepções e práticas de adolescentes grávidas e de familiares em relação à gestação Pregnancy related perception and behavior of adolescents and their families

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Celian Tereza Batista Lima

    2004-03-01

    Full Text Available OBJETIVOS: conhecer as percepções e práticas de adolescentes grávidas e de seus familiares em relação à gestação atual. MÉTODOS: estudo descritivo com 19 gestantes, de 10-19 anos que realizaram pré-natal nas unidades de saúde da família da ilha do Chié, em Recife, de agosto a setembro de 2002, e 14 responsáveis pelas adolescentes. Utilizaram-se dois instrumentos para coleta de dados e as questões abertas foram submetidas à análise de conteúdo. RESULTADOS: as adolescentes têm a mãe como responsável pelo cuidado (71,5%, iniciaram-se sexualmente com o namorado (73,7%, com idade entre 10-14 anos (52,7%, usando método contraceptivo (68,4% e têm antecedentes reprodutivos (42,1%. Metade desejava a gravidez atual, 78,5% recebem apoio afetivo e financeiro do pai da criança e 57,2% da mãe. Antes de engravidar 10,5% não estudavam, nem trabalhavam, e atualmente 57,9% estão nessa condição. Suas responsáveis são mulheres, 21,4% analfabetas e 64,3% provem o sustento. Diante da gravidez das filhas sentiram alegria/satisfação (35,7% e desgosto (28,5%, e 92,9% aceitaram o fato. CONCLUSÕES: a gravidez na adolescência nem sempre é percebida como um problema, o que reforça a importância da construção de estratégias de prevenção que considerem a realidade local.OBJECTIVES: to investigate information on perception and behavior of pregnant adolescents and their families related to current pregnancy. METHODS: descriptive study involving 19 pregnant adolescents from 10 to 19 years old under prenatal care in the family health units located in the Chié Island in Recife, from August to September 2002, and 14 family members and caretakers of these adolescents. Two collection tools were used and open questions were submitted to content analysis. RESULTS: adolescents are under the care of their mothers (71.5%, experienced their first sexual intercourse with their boyfriends (85.7% when they were between 10-14 years old (52.7% using

  6. A atenção em saúde mental aos adolescentes em conflito com a lei no Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nilson do Rosário Costa

    Full Text Available Resumo O trabalho analisa a utilização de medicamentos psicoativos por adolescentes infratores em unidades socioeducativas (USES no Brasil. Descreve as diretrizes da política pública nacional e a qualidade da coordenação da atenção em saúde mental pelos governos subnacionais. O artigo tem como hipótese que a governança verticalizada da USES está associada à utilização de medicação psicoativa. O modelo da pesquisa foi estudo comparado dos casos do Rio Grande do Sul (RS e Minas Gerais. Os dados resultaram da coleta em prontuários e entrevistas com informantes-chave. O artigo demonstra que a governança vertical observada no RS está associada à alta prevalência de diagnósticos de transtorno mental, uso de medicamentos psicoativos e de medicalização psiquiátrica pelos adolescentes privados de liberdade. As evidências revelam que as sanções de privação de liberdade por atos infracionais produzem decisões de medicalização que ameaçam o direito dos adolescentes no campo da saúde. As diretrizes da política nacional incentivam escolhas mais cautelosas. As psicoterapias e as ações de reabilitação são as intervenções de primeira linha defendidas. O manejo pouco cuidadoso da intervenção psicofarmacológica favorece a múltiplas prescrições.

  7. Literacia em saude mental de adolescentes e jovens portugueses sobre abuso de alcool

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luis Manuel de Jesus Loureiro

    2013-09-01

    Full Text Available OBJETIVO: Caracterizar a literacia em saúde mental de adolescentes e jovens relativamente ao consumo abusivo de álcool, nas diversas componentes do conceito de literacia. MÉTODOS: Estudo descritivo-exploratório, em que foi aplicado o QuALiSMental a uma amostra representativa de 4.938 adolescentes e jovens, com idades compreendidas entre os 14 e os 24 anos, que frequentam escolas do 3º ciclo do ensino básico e do ensino secundário da região centro de Portugal. RESULTADOS: O reconhecimento da vinheta do consumo abusivo de álcool pelos participantes é elevado (72,4%, ainda que seja também identificado como alcoolismo (70,3%, o que no entanto indica a percepção do problema como grave. Os participantes apresentam níveis modestos de literacia nas restantes componentes, preferindo as fontes informais de ajuda. CONCLUSÃO: Conclui-se que há necessidade de implementação de programas nas escolas que promovam a literacia em saúde mental, para adoção de comportamentos saudáveis nos jovens, que os transferem para a idade adulta.

  8. Tratamento do transtorno de ansiedade social em crianças e adolescentes

    OpenAIRE

    Isolan,Luciano; Pheula,Gabriel; Manfro,Gisele Gus

    2007-01-01

    CONTEXTO: Transtorno de ansiedade social é um transtorno incapacitante e altamente prevalente em crianças e adolescentes ao longo da vida, de acordo com os critérios do DSM-IV, variando de 0,7% a 3,5%. Se não tratado, pode interferir no funcionamento emocional, social e escolar. OBJETIVOS: Avaliar a evidência atual para a eficácia e efetividade de intervenções farmacológicas e psicoterápicas no tratamento do transtorno de ansiedade social na infância e na adolescência. MÉTODOS: Pesquisas fora...

  9. Violência, culpa e ato: causas e efeitos subjetivos em adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Henrique Figueiredo Carneiro

    2010-12-01

    Full Text Available Este trabalho apresenta um relato de pesquisa realizada sobre a violência e o adolescente, evidenciando o objetivo, as causas e os efeitos subjetivos que desencadeiam a violência na atualidade. Apresenta também uma investigação qualitativa com referencial teórico-conceitual da psicanálise, em destaque os conceitos de mal-estar, lei, anomia, limites, laços sociais, necessidade, desejo, culpa, passagem ao ato, individualismo, discurso capitalista, amor, vida e morte. Foram utilizados fotografias e fragmentos de filmes apresentados aos adolescentes inseridos no projeto Pró-jovem, desenvolvido na cidade de Maracanaú, Ceará, Brasil. As análises confirmaram os pressupostos da pesquisa de que a violência guarda relação direta com a ineficácia dos discursos normativos, que a culpa não comparece em consequência dos atos desfechados contra o próximo e que o sujeito não se guia por uma referência mítica do representante da lei.(* Colaboradores da pesquisa: doutora Marta Gerez Ambertín (Universidad de Santiago del Estero - Argentina; mestra em Psicologia Márcia Batista dos Santos (Universidade de Fortaleza - Brasil; alunos de Mestrado em Psicologia: Thiago Costa Matos Carneiro da Cunha (Labio, Rossana Vaz Borja (Labio, Carla Renata Braga de Souza (Labio/Leipcs, Lisieux D’Jesus Luzia de Araújo Rocha (Labio/Otium - Universidade de Fortaleza - Brasil; graduado em Psicologia Marcus Vinicius Ximenes Rocha (Universidade de Fortaleza – Brasil; bolsista de I. C. CNPq: Ricardo Pinheiro Maia Júnior; bolsista de I. C. Funcap: Rayana Silva Lima (Universidade de Fortaleza. Projeto apoiado pelo CNPq por meio de Bolsa de Produtividade em Pesquisa concedida ao Prof. Dr. Henrique Figueiredo Carneiro.

  10. Representações sociais do comportamento de fumar em adolescentes de 13 anos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    S. Fraga

    2011-01-01

    Full Text Available Resumo: Objectivo: O objectivo deste estudo foi identificar em adolescentes, através de uma abordagem qualitativa, as representações sociais sobre o comportamento de fumar. Métodos: Foram realizadas trinta entrevistas semi-estruturadas por entrevistadores treinados, gravadas com a permissão dos participantes após explicação detalhada do processo de entrevista. Depois da transcrição do conteúdo de cada entrevista, a informação foi sintetizada em cada questão principal e foi realizada uma análise de conteúdo conceptual. A análise foi realizada por dois dos autores, e os conflitos foram resolvidos por uma terceira pessoa. Resultados: Os adolescentes sugeriram diferentes explicações para o comportamento de fumar das pessoas em geral e dos adolescentes. Enquanto que fumar para os primeiros estava mais relacionado com a dependência, na adolescência pretendia melhorar o estatuto entre os colegas e ser uma forma de manter as relações sociais. Os adolescentes estavam conscientes das implicações graves do tabagismo para a saúde, mas eles só referiram efeitos a longo prazo, sem percepcionarem consequências durante a adolescência. Verificámos também que tinham dificuldades em indicar potenciais medidas preventivas orientadas para os adolescentes. Conclusão: Este estudo aponta para a importância dos pares como agentes de socialização do consumo do tabaco, e mostra a importância de campanhas anti-tabagismo neste grupo etário com ênfase nas consequências do tabagismo na adolescência. Abstract: Objective: The purpose of this study was to identify adolescents’ social representations on smoking using a qualitative approach. Methods: Thirty semi-structured interviews were conducted by trained interviewers. The interviews were recorded with participant's permission after our comprehensive explanation of the interview process. After transcript

  11. Adolescentes em tratamento psiquiátrico: um estudo fenomenológico das vivências em seus relacionamentos sócio-afetivos-sexuais

    OpenAIRE

    Fernanda Tomé Marleta Iezzi

    2013-01-01

    RESUMO Marleta-Iezzi, F. T. (2013) Adolescentes em tratamento psiquiátrico: um estudo fenomenológico das vivências em seus relacionamentos sócio-afetivo-sexuais. Dissertação de Mestrado Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Na presente dissertação buscamos situar e (re)conhecer o fenômeno das vivências dos relacionamentos sócio-afetivo-sexuais de adolescentes submetidos a tratamento psiquiátrico, por compreender que a adol...

  12. A qualidade do sono, o aproveitamento escolar e o stress em adolescentes que permacem em frente ao computador durante a noite

    OpenAIRE

    Gema Galgani de Mesquita Duarte

    2007-01-01

    Resumo: A qualidade do sono, o aproveitamento escolar e o stress em adolescentes que permanecem em frente ao computador durante a noite. 2007. 234p. Professor Doutor Rubens Nelson Amaral de Assis Reimão. Dissertação (Mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciências Médicas, Departamento da Saúde da Criança e do Adolescente. INTRODUÇÃO: O sono representa importante papel na vida do homem, influenciando as condições físicas, psicológicas e sociais. Está intimamente ligado ao...

  13. Sexual activity among female teenagers: a comparison between two groups of middle class adolescents from a private clinic according to pregnancy status Atividade sexual em mulheres adolescentes: uma comparação entre dois grupos de adolescentes de classe média de clínica particular de acordo com estado gravídico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alexandre Faisal-Cury

    2008-09-01

    Full Text Available OBJECTIVES: to investigate patterns of sexual activity among teenagers. METHODS: a cross-sectional study was conducted between July 1998 and September 2000, among 117 sexually active female adolescents from a private clinic, in the city of the Osasco, State of São Paulo, Brazil. They were divided into two groups: one pregnant group (PG comprised 62 adolescents that were either pregnant (46 or had previously been pregnant (16; another group of 55 female adolescents that had never been pregnant (NPG. During consultations with these subjects, a physician conducted a semi-structured interview. Knowledge, attitudes and practices relating to sexual activity were evaluated. The comparison between the two groups was carried out using Student's t test, the chi-square test or Fisher's exact test. RESULTS: the two groups showed considerable similarities in terms of sexual behaviour, having engaged in the first sexual intercourse at the age of 15 and having had an average number of sexual partners of 1.5. Nevertheless, adolescents in the PG group had initiated sexual life earlier and tended to use less contraceptive methods during the first intercourse. Despite widespread knowledge of contraception, a large number of the adolescents did not use any contraceptive method during first sexual intercourse. In their current sexual life, an average of 81% of the participants referred to attaining orgasm. CONCLUSIONS: knowledge about contraceptive techniques is not enough to avoid unplanned pregnancies, suggesting the importance of investigating other psychosocial aspects of motherhood and maternal identity among teenagers.OBJETIVOS: investigar padrões de atividade sexual em adolescentes. MÉTODOS: estudo transversal realizado entre julho de 1998 e setembro de 2000, com 117 mulheres adolescentes sexualmente ativas oriundas de clínica privada, em Osasco, São Paulo, Brasil. Foram constituídos dois grupos: um grupo de grávidas (PG com 62 adolescentes que estavam

  14. CONCEPÇÕES SOBRE ADOLESCENTES EM SITUAÇÃO DE VIOLÊNCIA SEXUAL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vera Lucia Mendes Trabbold

    2016-04-01

    Full Text Available Resumo Trata-se de uma pesquisa de campo de abordagem qualitativa objetivando compreender as práticas discursivas dos profissionais de saúde sobre violência sexual contra crianças e adolescentes. Foram entrevistados dez profissionais (médicos, enfermeiros, agentes comunitários e coordenador do programa que compõem três equipes da Estratégia de Saúde da Família (ESF da cidade de Montes Claros, MG, Brasil. A abordagem discursiva para análise dos dados foi fundamentada em Michel Foucault, bem como em autores ligados ao campo da Saúde Coletiva. Os resultados indicam que, dentre os vários fatores que propiciam e/ou mantêm a violência sexual na forma de exploração comercial sexual de adolescentes, está a desigualdade econômica e social, aliada à desigualdade de gênero, pouco reconhecida pelos profissionais. A omissão/negação da questão se evidencia pela ausência de notificação obrigatória; inexistência de trabalhos preventivos na área; ações pontuais inadequadas às necessidades da adolescência, preconceito e falta de referência de uma rede de cuidados intersetoriais.

  15. Imagem corporal e transtornos alimentares em atletas adolescentes: uma revisão

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leonardo de Sousa Fortes

    2013-12-01

    Full Text Available O objetivo do presente estudo foi realizar uma revisão da literatura sobre os temas "Imagem corporal" e "Transtornos alimentares na população de atletas adolescentes". Foram realizadas buscas eletrônicas nas seguintes bases de dados: "Web of Science", "SciELO", "Scopus", "Pubmed", "Medline", e "Lilacs". Como descritores, utilizaram-se os termos "body image" e "eating disorders", indexados no sistema de Descritores em Ciência da Saúde (DeCs/MeSH, e também os termos associados "body dissatisfaction", "athletes", "adolescence" e "teenager". O período compreendido pelas buscas foi de 2002 a 2012. Os resultados evidenciaram a existência de centenas de investigações sobre os temas na população adolescente, mas foram escolhidas somente as pesquisas no contexto esportivo. Os achados demonstraram algumas controvérsias. De qualquer forma, acredita-se que exista associação entre imagem corporal e transtornos alimentares em atletas, porém é necessário desenvolver pesquisas neste campo para responder a tais dúvidas, por isso são incentivadas pesquisas com estas variáveis.

  16. Prevenção da Aids com adolescentes encarcerados em São Paulo, SP

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Camila Alves Peres

    2002-08-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Descrever o perfil de adolescentes quanto ao apoio social e familiar, ao uso de drogas e os conhecimentos, as práticas e atitudes relacionadas à Aids e sua prevenção. MÉTODOS: Foram estudados 275 jovens internos, do sexo masculino, de um centro de internação da Fundação Estadual do Bem Estar do Menor (Febem, em São Paulo, SP. A pesquisa foi feita em duas fases: a primeira por meio de entrevistas semi-estruturadas com 20 internos; a segunda, com questionários para auto-respostas aplicados aos 275 internos, com perguntas fechadas referentes a características sociodemográficas, criminalidade, práticas sexuais, uso de drogas, conhecimento, atitudes e práticas relativas à Aids. RESULTADOS: Do total estudado, 90% dos jovens internos residiam com suas famílias antes da internação; todos haviam estudado em escolas públicas, ainda que 61% já houvessem abandonado os estudos; 12% já haviam usado drogas; e 5,5% eram usuários de drogas intravenosas. A maioria (98% era sexualmente ativa; 35% haviam tido mais de 15 parceiras(os sexuais ao longo da vida; 8% haviam tido experiências homossexuais (dentro ou fora da Febem; 12% já haviam trocado sexo por benefícios materiais; e 22% já eram pais. Muitos dos adolescentes afirmaram que adquirir o HIV "é parte da vida" e que suas vidas apresentam riscos piores, como sobreviver na criminalidade. Acreditam que o preservativo é frágil (83% e atrapalha a relação sexual (58%; 72% já haviam utilizado preservativo, mas apenas 9% o utilizavam sempre. CONCLUSÕES: Os adolescentes apresentaram um elevado risco de aquisição do HIV. Assim, torna-se necessário integrar a prevenção da Aids em sua problemática de vida e em temas como racismo, esperança pelo futuro, criminalidade, uso de drogas, direitos fundamentais, incluídos nestes os referentes ao sexo e à reprodução, mostrando existir alternativas a adquirir o HIV ou morrer na criminalidade.

  17. Fatores que influenciam a prevalência de sobrepeso e obesidade em estudantes adolescentes

    OpenAIRE

    Camelo, Eduardo de Moura

    2013-01-01

    O sobrepeso e a obesidade têm apresentado hoje no mundo um problema de saúde pública na população adulta, mas também com uma alta prevalência em jovens e adolescentes. Nas últimas décadas, as crianças tornaram-se menos ativas, fazendo uso da tecnologia. Uma relação entre a inatividade, como por exemplo, o tempo gasto assistindo televisão e o aumento da adiposidade em escolares vem sendo observada. A atividade física ajuda a diminuir o risco de obesidade, atuando na regulação do balanço energé...

  18. Avaliação da adaptação psicossocial na gravidez em gestantes brasileiras Assessment of psychosocial adaptation to pregnancy in brazilian pregnant women

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Janiny Lima e Silva

    2011-08-01

    Full Text Available RESUMO OBJETIVO: avaliar a adaptação psicossocial na gravidez, por intermédio da tradução e adaptação de instrumento específico, para ser usado em gestantes brasileiras. MÉTODOS: estudo observacional de corte transversal. Foi realizada a tradução e adaptação transcultural do PSeQ (Prenatal Self-evaluation Questionnaire seguindo todas as etapas metodológicas exigidas. aplicou-se um questionário contendo perguntas abertas e fechadas de forma a caracterizar os dados sócio-demográficos e clínicos das gestantes (n=36. a análise estatística constou de média, desvio padrão (DP, freqüência absoluta e relativa. Para análise da consistência interna utilizou-se o coeficiente alfa de Cronbach, por meio do SPSS versão 17.0. RESULTADOS: as voluntárias apresentaram baixo nível sócio-econômico, média de idade de 25,1 anos ( 5,5, idade gestacional média de 25,9 semanas ( 8,1. Destas, 58,3% não haviam planejado a atual gravidez. O pré-teste mostrou que 75% das gestantes consideraram o questionário de fácil entendimento. Quanto ao instrumento PSEQ, a identificação com o papel materno foi a sub-escala que apresentou maior média 24,8 ( 5,6, enquanto o relacionamento com a mãe apresentou a menor média 15,4 ( 7,7. a consistência interna variou entre 0,52-0,89. CONCLUSÃO:a avaliação psicossocial materna no pré-natal mostra-se importante no acompanhamento da progressão da gestação e permite a intervenção mediante ações de promoção e prevenção no bem-estar materno-infantil.PURPOSE:to evaluate psychosocial adaptation to pregnancy by translating and cross-culturally adapting a specific assessment instrument to be used with Brazilian women. METHODS: this was a cross-sectional observational study. the translation and cross-cultural adaptation and of the Prenatal Self-evaluation Questionnaire (PSeQ was performed following all the required methodological steps. another questionnaire was applied to characterize the

  19. Efeitos do manejo comportamental de incontinência fecal em adolescente

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Anderson Jonas das Neves

    Full Text Available A incontinência fecal, também conhecida como encoprese, é um transtorno de evacuação que acarreta prejuízos ao desenvolvimento psicossocial e orgânico da criança e do adolescente, e que demanda atenção e cuidado de pais e profissionais de saúde. No amplo contexto de tratamento da encoprese, a psicoterapia constitui importante recurso, sendo a terapia comportamental apontada como uma das modalidades mais promissoras e eficazes para o tratamento dessa dificuldade de eliminação. Este artigo apresenta o estudo dos efeitos do manejo comportamental de quadro de incontinência fecal em um adolescente de 14 anos, atendido em clínica-escola de Psicologia do interior do Estado de São Paulo durante 14 meses. A partir do referencial teórico da análise do comportamento, foi desenvolvido, em contexto psicoterápico, um conjunto de estratégias comportamentais com o cliente, bem como orientações aos pais, visando à gradativa extinção encoprética. No decorrer desse processo, o cliente apresentou significativas aquisições comportamentais de uso regular do banheiro e adequado controle esfincteriano, monitoradas semanalmente, que possibilitaram a plena extinção das ocorrências de sujidade, sendo avaliado o efeito em follow-up realizado três meses após o encerramento dessa intervenção.

  20. Adolescente em conflito com a lei e medidas socioeducativas: limites e (impossibilidades

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francischini, Rosângela

    2005-01-01

    Full Text Available Reinserção social, readaptação, ajustamento social, integração à família e sociedade. Várias são as expressões empregadas para referir-se ao efeito desejado do trabalho com o jovem em conflito com a lei, em cumprimento de medidas socioeducativas, particularmente em privação de liberdade. Parte do aparato legal do Estado, a partir da promulgação do Estatuto da Criança e do Adolescente, significaram, essas medidas, uma chamada à responsabilização do jovens, em face da transgressão cometida. No entanto, avalia-se, o que dá a essas medidas o caráter socioeducativo, fazendo com que o trabalho desenvolvido nas instituições diferencie-se do cumprimento de pena? Estrutura física, formação de recursos humanos, ações educativas e trabalho transdiciplinar são alguns dos aspectos implicados nesta questão. Neste contexto de discussão insere-se o presente artigo, que tem por objetivo discutir o caráter socioeducativo das medidas de privação de liberdade e as possibilidades de reinserção social do jovem em conflito com a lei

  1. Acupuntura em adolescentes com fibromialgia juvenil Acupuntura en adolescentes con fibromialgia juvenil Acupuncture in adolescents with juvenile fibromyalgia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marialda Höfling P. Dias

    2012-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Descrever a utilização da acupuntura em adolescentes com fibromialgia juvenil. MÉTODOS: Estudo retrospectivo realizado em pacientes com fibromialgia juvenil (critérios do Colégio Americano de Reumatologia submetidos a, pelo menos, 11 sessões semanais de acupuntura. As avaliações antes e após acupuntura incluíram dados demográficos, características da dor musculoesquelética, número de pontos dolorosos (NPD, escala visual analógica (EVA de dor, algiometria e índice miálgico (IM. Durante o estudo, os pacientes puderam usar analgésicos, amitriptilina e foram orientados a praticar atividade física aeróbica. Os resultados antes e após acupuntura foram comparados pelo teste não paramétrico de Wilcoxon. RESULTADOS: Dos 38 pacientes com fibromialgia juvenil acompanhados em oito anos consecutivos, 13 tinham todas as informações nos prontuários e nas fichas de acupuntura e foram avaliados. Destes 13, sete obtiveram melhora nos três parâmetros analisados (número de pontos dolorosos, EVA de dor e IM. As medianas do número de pontos dolorosos e da EVA de dor foram significativamente maiores antes do tratamento quando comparados ao final do tratamento com as sessões de acupuntura [14 (11-18 versus 10 (0-15, p=0,005; 6 (2-10 versus 3 (0-10, p=0,045; respectivamente]. Em contraste, a mediana do IM foi significativamente menor antes do tratamento [3,4 (2,49-4,39 versus 4,2 (2,71-5,99, p=0,02]. Nenhum dos pacientes com fibromialgia juvenil apresentou eventos adversos associados à acupuntura. CONCLUSÕES: Acupuntura é uma modalidade de Medicina Tradicional Chinesa que pode ser utilizada nos pacientes pediátricos com fibromialgia. Futuros estudos controlados serão necessários.OBJETIVO: Describir el uso de acupuntura en adolescentes con fibromialgia juvenil. MÉTODOS: Estudio retrospectivo realizado en pacientes con fibromialgia juvenil (criterios del Colegio Americano de Reumatología sometidos a al menos 11 sesiones

  2. Problemas de saúde mental e tabagismo em adolescentes do sul do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana M B Menezes

    2011-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar a associação entre problemas de saúde mental e uso de tabaco em adolescentes. MÉTODOS: Foram analisados 4.325 adolescentes de 15 anos da coorte de nascimentos de 1993 da cidade de Pelotas, RS. Tabagismo foi definido como fumar um ou mais cigarros nos últimos 30 dias. Saúde mental foi avaliada de acordo com o escore total do questionário Strengths and Difficulties Questionnaire e escore maior ou igual a 20 pontos foi considerado como positivo. Os dados foram analisados por regressão de Poisson, com ajuste robusto para variância. RESULTADOS: A prevalência de tabagismo foi 6,0% e cerca de 30% dos adolescentes apresentaram algum tipo de problema de saúde mental. Na análise bruta, a razão de prevalências para tabagismo foi de 3,3 (IC95% 2,5; 4,2. Após ajuste (para sexo, idade, cor da pele, renda familiar, escolaridade da mãe, grupo de amigos fumantes, trabalho no último ano, repetência escolar, atividade física de lazer e uso experimental de bebida alcoólica, diminuiu para 1,7 (IC95% 1,2; 2,3 entre aqueles com problemas de saúde mental. CONCLUSÕES: Problemas de saúde mental na adolescência podem ter relação com o consumo de tabaco.

  3. Oficinas em sexualidade humana com adolescentes Workshop in human sexuality with adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alysson Massote Carvalho

    2005-12-01

    Full Text Available O presente trabalho tem por objetivo apresentar uma experiência de intervenção em orientação sexual com adolescentes em uma cidade do interior de Minas Gerais. Foram sujeitos da intervenção 50 estudantes da 8ª série do ensino fundamental de uma escola municipal da cidade, divididos em 4 grupos, sendo relatada aqui a experiência vivida em um deles, contando com 13 participantes, com idades variando entre 13 e 15 anos, sendo 8 do sexo masculino e 5 do sexo feminino. Utilizando a metodologia de Oficinas em Dinâmica de Grupo procurou-se, juntamente com os adolescentes, a reflexão e elaboração de sentimentos, comportamentos e conhecimentos compartilhados face à sexualidade, levando em consideração suas angústias e inseguranças relacionadas ao tema, e concentrando-se em dialogar sobre os aspectos afetivos e históricos envolvidos na vivência da sexualidade. A partir da análise dos processos grupais, articulados a uma conscientização ético-política dos sujeitos envolvidos, observou-se uma reconstrução/ressignificação dos sentidos atribuídos à sexualidade, ao pertencimento de gênero e ao contexto social mais amplo.The objective of this study was to determine how the intervention in sexual guidance was experienced by adolescents in a small city in Minas Gerais. The research involved 50 8th grade students of the municipal elementary school, divided into 4 groups. This article focuses on only one of these groups, with 13 members, 8 male and 5 female, of ages varying from 13 to 15 years old. The methodology used was that of workshops in group dynamics in order for the adolescents to reflect on their feelings, behavior and knowledge, in relation to sexuality. Participants' distress and insecurity in facing the topic were taken into consideration, and emphasis was placed on the emotional aspect and the life history of the subjects involved, in their experiences with sexuality. The analysis of this group process, demonstrated a

  4. Alterações ortopédicas em crianças e adolescentes obesos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Michelle Brandalize

    Full Text Available INTRODUÇÃO: A obesidade infanto-juvenil é um problema muito frequente e implica complicações que podem estar presentes precocemente, como as alterações ortopédicas. OBJETIVO: descrever as alterações que atingem o aparelho locomotor em crianças e adolescentes com sobrepeso e obesidade. METODOLOGIA: Foram consultadas as bases de dados MEDLINE, SciELO, LILACS, ISI e base de dados da Universidade de Standford, com a combinação dos seguintes descritores: "obesidade", "complicações", "criança", "dores músculo-esqueléticas", "postura", "alterações ortopédicas", "marcha" e seus respectivos sinônimos em inglês. RESULTADOS: Pôde-se observar que as crianças e adolescentes obesos são mais predispostos a apresentar essas complicações ortopédicas que os indivíduos eutróficos, e os principais problemas relatados foram as alterações posturais, como hiperlordose lombar e joelhos valgos, e dores músculo-esqueléticas, principalmente na coluna lombar e membros inferiores. Os principais fatores que causam esses problemas não são bem definidos, mas incluem aumento da sobrecarga articular associado à fragilidade óssea em fase de crescimento e à diminuição da estabilidade postural, o que conduz ao aumento das necessidades mecânicas regionais. CONCLUSÃO: A identificação precoce dessas disfunções é fundamental para que essas crianças recebam tratamento multidisciplinar adequado.

  5. Crianças e adolescentes com câncer em cuidados paliativos: experiência de familiares

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mariana Vendrami Parra Sanches

    2014-01-01

    Full Text Available Este estudo teve por objetivo investigar a experiência dos familiares no cuidar de crianças e adolescentes com câncer, em cuidados paliativos, particularmente nos cuidados ao final da vida. Trata-se de uma pesquisa descritiva e exploratória, com análise qualitativa dos dados. Participaram do estudo 14 familiares, cuidadores de crianças e adolescentes que morreram por câncer, em acompanhamento em um hospital escola no estado de São Paulo. Os dados empíricos foram organizados ao redor de três temas: "O impacto do agravamento da doença na dinâmina familiar", "Comunicação de más notícias" e "A vivência da família diante dos cuidados paliativos". O estudo mostrou-se relevante para a assistência à criança e ao adolescente com câncer no fim da vida, pois as vivências complexas, dinâmicas e abrangentes das famílias no cuidado da criança e do adolescente poderão contribuir para a compreensão do processo de cuidar à luz dos fundamentos dos cuidados paliativos.

  6. Associação entre peso de nascimento e fatores de risco cardiovascular em adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Amenaide Carvalho Alves de Sousa

    2013-07-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Peso ao nascer (PN é um determinante de risco a médio e longo prazo de fatores de risco cardiovascular. OBJETIVO: Estudar a associação entre peso ao nascer e fatores de risco cardiovascular em adolescentes de Salvador. MÉTODOS: Estudo de corte transversal com grupos de comparação por PN. Amostra composta de 250 adolescentes, classificados segundo IMC: normal alto (>p50 e p85 ep95. As variáveis de risco para comparação foram: circunferência abdominal, pressão arterial, perfil lipídico, glicemia, insulina sérica, HOMA-RI e síndrome metabólica. Peso de nascimento foi informado pelos pais e classificado como baixo peso (PN 4.000g. RESULTADOS: Cento e cinquenta e três (61,2% meninas, idade 13,74 ± 2,03 anos, PN normal 80,8%, baixo PN 8,0% e alto PN 11,2%. Observou-se maior frequência de obesidade (42,9%, p=0,005, PAS e PAD elevadas (42,9%, p=0,000 e 35,7%, p=0,007, respectivamente e síndrome metabólica (46,4%,p =0,002 no grupo com PN alto em relação ao PN normal. Indivíduos de alto PN apresentaram RP para PAS elevada 3,3(I.C. 95%, 1,7-6,4 e para obesidade 2,6 (I.C. 95%, 1,3-5,2 em relação aos com PN normal. A CA foi 83,3 ± 10,1 [p=0,038] nos adolescentes com alto PN. O perfil lipídico não mostrou diferenças estatisticamente significantes. CONCLUSÃO: Os dados sugerem que obesidade, PAS e PAD elevadas e síndrome metabólica na adolescência têm chance significativa de associar-se a alto peso no nascimento.

  7. Excesso de peso e fatores associados em adolescentes de uma capital brasileira

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carolina de Souza Carneiro

    Full Text Available RESUMO: Objetivo: Avaliar a prevalência de excesso de peso (EP e fatores associados em adolescentes. Métodos: Estudo transversal realizado em escolas públicas e privadas de Goiânia (GO. Foram analisados adolescentes de 12 a 18 anos (n = 1.169 por meio de questionário padronizado. A prevalência de EP foi avaliada pelas curvas de crescimento da Organização Mundial da Saúde (OMS de Índice de Massa Corporal (IMC por idade. As associações entre as variáveis sociodemográficas, de antecedentes familiares de obesidade, de estilo de vida e de pressão arterial com o EP foram analisadas por intermédio da razão de prevalência bruta e ajustada por meio da regressão múltipla de Poisson. Resultados: A prevalência de EP foi de 21,2%, sendo 14,1% de sobrepeso e 7,1% de obesidade, com diferenças significativas entre gêneros (26,3% dos rapazes versus 16,8% das moças. Na análise de Poisson, a obesidade materna (RP = 1,86; p = 0,004 foi associada com a maior prevalência de EP no sexo masculino, e aqueles com idade entre 15 e 18 anos tiveram menor prevalência de EP quando comparados àqueles com idade entre 12 e 14 anos (RP = 0,70; p = 0,021. No sexo feminino, a presença de pais obesos (RP = 2,42; p < 0,001 associou-se a maior prevalência de EP, e as moças pertencentes à classe C tiveram menor prevalência de EP (RP = 0,67; p = 0,035. Conclusões: O EP em adolescentes esteve associado ao gênero, à obesidade familiar, e a melhor classificação socioeconômica - fatores que devem ser o foco do planejamento de intervenções específicas na promoção da saúde.

  8. Prevalence of sexual dysfunction during pregnancy Prevalência da disfunção sexual na gravidez

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alessandra Plácido Lima Leite

    2009-01-01

    Full Text Available OBJECTIVE: This study aims to evaluate the sexual function and to determine the prevalence of sexual dysfunction among teenagers and adult women during pregnancy using the Female Sexual Function Index (FSFI. METHODS: A cohort study was conducted with 271 healthy pregnant women presenting a stable relationship with their partners. These women contributed to the survey since the laboratory diagnosis of their present pregnancy. Anonymous questionnaires evaluated aspects of sexual activity and female sexual function. This last item was assessed through the FSFI questionnaire. RESULTS: The women sexual function showed a similar pattern during the first and second trimesters; however, it presented a significantly clear decrease in the third trimester. There was a significant difference in the scores of all FSFI domains when comparing the second and third trimesters. The sexual dysfunction among pregnant teenagers was rated 40.8% in the first trimester, 31.2% in the second and 63.2% in the third. For pregnant adults, the dysfunction was rated, respectively, 46.6%, 34.2% and 73.3%. CONCLUSION: The sexual function is affected during pregnancy with a significant decrease in all FSFI domains in the third trimester considering both pregnant teenagers and adults. Prevalence of sexual dysfunction is high during pregnancy and reaches higher levels in the third trimester in both age groups; however, teenagers presented better sexual function ratings.OBJETIVO: Avaliar a função sexual e determinar a prevalência da disfunção sexual em mulheres adolescentes e adultas durante a gravidez, usando o Índice da Função Sexual Feminina (FSFI. MÉTODOS: Realizou-se estudo de corte prospectivo com 271 gestantes saudáveis, envolvidas na pesquisa desde o primeiro diagnóstico da atual gravidez, que mantinham relacionamento estável com parceiro. Foram utilizados questionários anônimos e a função sexual das gestantes foi avaliada pelo índice da função sexual

  9. Evolução da gravidez e resultados perinatais em transplantadas renais Pregnancy and perinatal outcomes in women with renal transplantation

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leandro Gustavo de Oliveira

    2005-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: avaliar as inter-relações recíprocas entre o transplante renal e a gravidez por meio da análise das intercorrências clínicas e obstétricas, bem como da investigação do desfecho perinatal. MÉTODOS: foi analisada série retrospectiva de 39 casos de gestação em 37 portadoras de transplante renal no período de janeiro de 1997 a dezembro de 2003. Foi criado um grupo controle composto por 66 grávidas sem doenças clínicas prévias, que freqüentaram pré-natal e deram à luz em 2002 e 2003. Esse grupo foi utilizado para possíveis comparações para as variáveis pré-eclâmpsia, ruptura prematura de membranas, prematuridade e crescimento intra-uterino restrito. Como características demográficas dos dois grupos foram relatados média de idade no momento da concepção, raça e os antecedentes obstétricos. Quanto às características do transplante relatamos o tipo de doador e o esquema imunossupressor utilizado. As variáveis clínicas estudadas foram hipertensão arterial crônica, anemia e infecção do trato urinário. As variáveis relativas ao transplante foram o intervalo entre a cirurgia e a concepção, a ocorrência de disfunção, rejeição e perda do enxerto. Quanto às variáveis obstétricas, analisamos a via de parto, a incidência de pré-eclâmpsia e a ruptura prematura de membranas. Entre os resultados perinatais consideramos a incidência de prematuridade e crescimento intra-uterino restrito. Relacionamos estes resultados aos níveis de creatinina das transplantadas renais no início do pré-natal. Para avaliação estatística foram utilizados os testes de chi2 e exato de Fisher. Em todos os casos, o nível de rejeição para a hipótese de nulidade foi sempre fixado em valor menor ou igual a 0,05 (5%. RESULTADOS: a média de idade das pacientes no momento da concepção foi de 27 anos. O doador vivo foi o tipo mais freqüente. Entre as drogas imunossupressoras, a ciclosporina foi a mais utilizada

  10. O adolescente enquanto protagonista em atividades de educação em saúde no espaço escolar

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marta Angélica Iossi Silva

    2010-06-01

    Full Text Available O paradigma do protagonismo juvenil reconhece nos adolescentes potencialidades e valores de mobilização e participação, os quais podem contribuir para a promoção da saúde e melhor qualidade de vida desta população. O objetivo desta investigação foi conhecer e analisar a participação de adolescentes escolares em atividades de educação em saúde na escola e a sua inserção enquanto sujeitos protagonistas na referidas atividades. O estudo foi realizado em duas escolas municipais de ensino fundamental de Ribeirão Preto, São Paulo, Brasil, no período de fevereiro a junho de 2007. Estudo transversal, a partir de uma abordagem quantitativa, cujos dados incluíram respostas a um questionário com instrumentos validados, e a análise estatística se constituiu basicamente da categorização de variáveis e obtenção das listagens de frequências, realizadas através do Programa Epi Info 3.3.2 (Centers for Disease Control and Prevention, Atlanta, Estados Unidos. Os adolescentes entrevistados apontam que ainda permanecem em uma relação de dependência da escola e dos educadores para a realização e participação de atividades educativas em saúde no espaço escolar. Isto significa dizer que esses adolescentes ainda convivem com uma relação educador-educando unilateral, pouco participativa, indicando uma urgente necessidade de se promover a inclusão desses adolescentes como atores ativos do mundo escolar.

  11. Personalidade e comportamentos problema: um estudo comparativo com adolescentes em contexto escolar

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renato G. Carvalho

    2014-03-01

    Full Text Available Neste estudo transversal analisámos a relação entre os comportamentos problema ao nível da indisciplina, desrespeito e conflituosidade dos adolescentes, em contexto escolar, e a personalidade e a psicopatologia, operacionalizadas nas dimensões PSY-5 do MMPI-A. Participaram no estudo 351 estudantes do 9º ao 12º ano, com idades compreendidas entre os 14 e os 18 anos, distribuídos em três grupos diferentes, de acordo com o reporte da frequência de comportamentos problema. Os instrumentos foram a versão experimental portuguesa do MMPI-A e um questionário sobre diferentes dimensões do percurso escolar, em que se incluem os comportamentos problema. Através de análise estatística multivariada, verificámos diferenças significativas entre os grupos nas dimensões PSY-5, num padrão em que o grupo de maior frequência de comportamentos problema apresenta resultados superiores no MMPI-A. Os resultados são interpretados numa perspetiva que sublinha a relevância da personalidade na adaptação à vida escolar, bem como a importância da existência de técnicas de avaliação psicológica de forma a detetar, em contexto de normalidade, estudantes em risco de desenvolvimento de trajetórias inadaptativas.

  12. Risco nutricional entre gestantes adolescentes Riesgo nutricional entre gestantes adolescentes Nutritional risks among pregnant teenagers

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Glayriann Oliveira Belarmino

    2009-01-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Identificar o acometimento de risco nutricional em gestantes adolescentes; averiguar hábitos alimentares; e verificar percepções destes quanto à importância de nutrição adequada na gravidez. MÉTODOS: Estudo de campo realizado no Centro de Desenvolvimento Familiar, em Fortaleza-CE, com 40 gestantes adolescentes. A avaliação nutricional foi efetuada com o auxílio do "Gráfico de acompanhamento nutricional da gestante" e os hábitos alimentares foram conferidos pela "Técnica de alimentação diária habitual". RESULTADOS: Vinte (50% adolescentes apresentaram peso adequado, 11(27,5% baixo peso e 9 (22,5% sobrepeso. Prevaleceram massas, carnes, gorduras, doces e baixo consumo de frutas e verduras; 33 (82,5% tinham a percepção de que a alimentação deve ser "diferente" na gravidez e 28 (70% afirmaram ter feito mudanças nos hábitos alimentares no pré-natal. CONCLUSÃO: O acometimento de risco nutricional entre adolescentes gestantes se revelou em situações de sobrepeso, baixo peso, dietas pouco diversificadas e desinformação.OBJETIVOS: Identificar el riesgo nutricional en gestantes adolescentes; averiguar hábitos alimenticios; y verificar percepciones de éstos en cuanto a la importancia de una nutrición adecuada en el embarazo. MÉTODO: Se trata de un estudio de campo realizado en el Centro de Desarrollo Familiar, en Fortaleza-CE, con 40 gestantes adolescentes. La evaluación nutricional se llevó a cabo con el auxilio del "Gráfico de acompañamiento nutricional de la gestante" y los hábitos alimenticios fueron conferidos por la "Técnica de alimentación diaria habitual". RESULTADOS: Veinte (50% adolescentes presentaron peso adecuado, 11(27,5% bajo peso y 9 (22,5% sobre peso. Prevalecieron pastas, carnes, grasas, dulces y bajo consumo de frutas y verduras; 33 (82,5% tenían la percepción de que la alimentación debe ser "diferente" durante el embarazo y 28 (70% afirmaron haber realizado cambios en los h

  13. Panorama da violência sexual contra crianças e adolescentes em municípios cearenses

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Poliana Hilário Magalhães

    2016-09-01

    Full Text Available Objetivo: Descrever o panorama da violência sexual contra crianças e adolescentes em municípios do litoral e do sertão do estado do Ceará, Brasil. Métodos: Trata-se de um estudo descritivo realizado em 2014 com análise de dados secundários do “Disque 100” relacionados aos casos de violência sexual contra crianças e adolescentes nos municípios do estado do Ceará, Brasil, referentes ao triênio 2011-2013. Resultados: Foram analisados 210 municípios do sertão cearense, dentre eles o município de Acopiara com 18 (10,8% denúncias, sendo destaque para casos de denúncias por abuso sexual contra crianças e adolescentes. Dentre os municípios litorâneos, Caucaia representa o maior número de denúncias, com 112 (35.07% casos de abuso sexual. Conclusão: O estudo é uma alerta às autoridades e à comunidade para atentarem aos casos de violência sexual (exploração e abuso contra crianças e adolescentes que estão ocorrendo nos diversos municípios cearenses, principalmente na região litorânea.

  14. Terapia por Contensão Induzida (TCI em adolescentes com hemiparesia espástica: relato de caso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Julia Macruz Garcia

    Full Text Available INTRODUÇÃO: A Terapia por Contensão Induzida (TCI é um protocolo terapêutico que visa diminuir a assimetria de uso dos membros superiores. OBJETIVO: Verificar o efeito da TCI em dois adolescentes, com paralisia cerebral hemiparética (PCH. MATERIAIS E MÉTODOS: Dois adolescentes com PCH, de 12 e 14 anos de idade, receberam aplicação de TCI por três horas diárias durante três semanas. Este estudo apresentou desenho ABA experimental, com um mês de seguimento. Os adolescentes foram avaliados com a Teenager Motor Activity Log (TMAL e o Wolf Motor Function Test (WMFT; o avaliador esteve independente da intervenção e cegado quanto à ordem das avaliações. RESULTADOS: Houve melhora na quantidade, qualidade e espontaneidade de uso após a aplicação da TCI segundo a escala da TMAL. Os dois pacientes apresentaram diminuição no tempo de execução das tarefas do WMFT e foi observada também melhora na habilidade funcional. CONCLUSÃO: Este estudo mostra efeitos positivos da TCI em adolescentes com PCH. Ressalta-se, no entanto, que se fazem necessários ensaios clínicos para confirmar a eficácia da intervenção nessa população.

  15. Estado nutricional y seguridad alimentaria en gestantes adolescentes: Pereira, Colombia, 2009 Estado nutricional e segurança alimentaria em gestantes adolescentes: Pereira, Colombia, 2009 Nutritional status and food safety in teenage pregnant women: Pereira, Colombia, 2009

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rocío Quintero Tabares

    2010-07-01

    Segurança Alimentaria. Realizouse valoração nutricional a partir dos registros na história clínica de bio-marcadores e indicadores antropométricos e obstétricos. Realizouse análises uni-variado e bi-variado. Resultados. O 95% das gestantes adolescentes eram de estratos I e II, o 59% com escolaridade secundária incompleta, o 79% primi-grávidas. O 21% tinha sob peso progestacional e o 45% sob peso durante a gestação. O 15% mostrou anemia. O 33% reportou infecção urinária. O 8.7% tinha risco de HIE. O 63.3% das gestantes percebia algum grau de insegurança alimentaria, que era severa em 22.7% dos lares. Conclusõe. Encontrouse uma alta proporção de baixo peso progestacional não compensado oportunamente. Devido ao impacto da segurança alimentaria sobre a nutrição na gravidez, sua monitoração deve ser incluído como uma das atividades básicas no atendimento prén-atal.Objective. To assess the nutritional status and food safety perception of teenage pregnant women consulting in institutions from the ESE Salud Pereira during the year of 2009. Methodology. Descriptive transversal cut study. With a 95% confidence interaRTval, a sample of 150 pregnant women from the prenatal control assistants between April and June of 2009 were chosen. Four professional nurses were trained as interviewers. A survey and the Latin-American and Caribbean food security scale were applied. Nutritional assessment was performed from the biomarkers, anthropometric and obstetric indicators registered in the clinical history. A single variable and bivariate analysis was made. Results. 95% of the teenage pregnant women had socioeconomic status I and II, 59% hadn't completed secondary education, 79% were primigravid, 21% had low weight before pregnancy and 45% low weight during pregnancy. 15% showed anemia. 33% reported urinary tract infection. 8.7% had PIH. 63.3% of the pregnant women perceived any degree of food insecurity which was severe in 22.7% of the homes. Conclusion. A high

  16. Redução do dispêndio energético e excesso de peso corporal em adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Frutuoso Maria Fernanda Petroli

    2003-01-01

    Full Text Available A contemporânea redução no dispêndio energético apresenta-se como fator determinante da atual epidemia de obesidade observada em centros urbanos. Em adolescentes esta modificação intensifica-se quando associada a atividades passivas de lazer, como assistir televisão, brincar com jogos eletrônicos e usar a Internet. Este trabalho procurou analisar a inatividade física e a influência da televisão na prática alimentar de adolescentes, aspectos preditivos ao excesso de peso. Participaram deste estudo 155 indivíduos com média de 11,5 ± 1,43 anos de idade. Os diagnósticos de sobrepeso e obesidade basearam-se no índice de massa corporal para adolescentes. Foram detectadas associações estatisticamente significativas entre apresentar sobrepeso e obesidade e praticar atividades passivas e consumir alimentos em frente à televisão para ambos os sexos. Estes achados mostraram que a inatividade física, associada ao aumento no consumo de alimentos energéticos enquanto assistem televisão ou em decorrência da influência de comerciais de produtos alimentícios por ela veiculados, representa um dos fatores determinantes para o desenvolvimento de peso corporal excessivo durante a adolescência.

  17. Variáveis pessoais e contextuais associadas a comportamentos de risco em adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jana Gonçalves Zappe

    2016-03-01

    Full Text Available RESUMO Objetivo Este estudo investigou o engajamento de adolescentes brasileiros em comportamentos de risco (uso de substâncias, comportamento sexual de risco, comportamento antissocial e comportamento suicida, buscando identificar os fatores de risco e proteção pessoais e contextuais mais associados com esses comportamentos. Métodos Participaram 1.332 adolescentes de 12 a 19 anos (M = 15,68; DP = 1,60, de ambos os sexos. Resultados O engajamento em comportamentos de risco variou em função da idade e do sexo, e o uso de substâncias foi o tipo de comportamento de risco mais prevalente entre os que foram investigados. Os fatores significativamente associados à adoção desses comportamentos foram violência intra- e extrafamiliar, ter amigos próximos ou familiares que usam drogas, eventos estressores e elevado nível de autoeficácia; enquanto os fatores que se mostraram protetores foram elevado nível de autoestima, expectativas positivas quanto ao futuro e percepção de positividade nas relações com família, escola, religião e comunidade. Conclusão O estudo permitiu identificar algumas características da manifestação de comportamentos de risco na adolescência, com destaque para a prevalência mais alta do uso de substâncias e a coocorrência de diferentes tipos de comportamentos de risco. Dentre os fatores de risco mais associados com o engajamento em comportamentos de risco, destacaram-se a presença de eventos estressores ao longo da vida e a proximidade com amigos que usam drogas. A partir disso, sugere-se investir na minimização de fatores de risco e na potencialização de fatores protetivos para a promoção do desenvolvimento saudável durante a adolescência.

  18. Aproximações socioantropológicas sobre a gravidez na adolescência

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Luiza Heilborn

    2002-06-01

    Full Text Available Este artigo tem o objetivo de discutir a construção da gravidez na adolescência enquanto um problema social. Visa também apresentar e analisar os dados da etapa qualitativa da pesquisa Gravidez na Adolescência: Estudo Multicêntrico sobre Jovens, Sexualidade e Reprodução no Brasil (Pesquisa GRAVAD, desenvolvida em três capitais brasileiras: Porto Alegre, Rio de Janeiro e Salvador. Os dados indicam o caráter indissociável da articulação entre classe social e gênero na compreensão do fenômeno da gravidez na adolescência. Entre as jovens de classes médias observa-se alterações na condução dos projetos e trajetórias escolares, que, até então, se processavam de modo linear. O mesmo não ocorre entre as jovens das classes populares, cuja irregularidade das carreiras escolares independe da maternidade. Já entre os jovens homens não há mudanças significativas, uma vez que aqueles dos estratos médios não interrompem seus projetos e percursos educacionais, e os dos grupos populares ingressam precocemente no mercado de trabalho, não sendo isto uma conseqüência direta da paternidade adolescente.This paper aims to discuss the construction of teenage pregnancy as a social problem. It also seeks to present and analyze the data of the qualitative phase of the research study Teenage Pregnancy: A Multicentric Study of Young People, Sexuality and Reproduction in Brazil (GRAVAD study undertaken in four Brazilian capitals: Porto Alegre, Rio de Janeiro and Salvador. The data indicate the indissoluble character of the articulation between social class and gender in the understanding of the phenomenon of teenage pregnancy. Among girls from the middle class we observe alterations in their management of their school projects and course, which, until that point, were processed in a linear manner. The same does not occur among girls from lower income groups whose irregularity in school life is independent of motherhood. Among the young men

  19. Excesso de peso em adolescentes e estado nutricional dos pais: uma revisão sistemática

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Niedja Maria da Silva Lima

    Full Text Available Resumo O objetivo do presente estudo é verificar a associação entre o excesso de peso em adolescentes e o estado nutricional dos pais e identificar possíveis fatores determinantes. A pesquisa foi realizada nas bases de dados Pubmed, Lilacs, Scielo e Biblioteca Virtual de Saúde (BVS, considerando-se o período de 2004 a 2014. Os descritores usados foram: “Adolescente”, “Fatores de risco”, “Obesidade”, “Pais” e “Sobrepeso”. Dos 366 artigos encontrados, apenas 07 atenderam a todos os critérios de elegibilidade. Notou-se nos adolescentes prevalência de sobrepeso mais elevada nos estudos realizados no Brasile na Grécia, enquanto a prevalência de obesidade foi maior nos estudos conduzidos nos Estados Unidos. Foram verificadas maiores prevalências de excesso de peso em adolescentes do sexo masculino. Todos os trabalhos mostraram que a presença de sobrepeso ou obesidade no pai ou na mãe aumenta o risco dos adolescentes desenvolverem excesso de peso, e esse risco é ainda maior quando ambos os pais são obesos. A grande associação entre excesso de peso nos adolescentes e estado nutricional dos pais está relacionada com inúmeros fatores, dessa forma, a presença de um fator de risco, como, por exemplo, a predisposição genética, pode ser amenizada por um fator de proteção, como hábitos alimentares saudáveis.

  20. Experiência de educação em saúde sobre sexualidade com adolescentes institucionalizados

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristina Zukowsky-Tavares

    2017-03-01

    Full Text Available Objetivo: Descrever a experiência de um projeto de ação que consistiu em fomentar a reflexão e a aprendizagem sobre sexualidade saudável por meio da educação em saúde. Síntese dos dados: Trata-se de um relato de experiência de uma atividade de extensão universitária realizada em novembro de 2015, com envolvimento de graduandos e mestrandos, em uma unidade da Fundação Centro de Atendimento Socioeducativo do Adolescente – Fundação CASA, no município de São Paulo/SP, Brasil. Na experiência, houve participação de 75 adolescentes internos do sexo masculino. O projeto enfatizou o envolvimento dos adolescentes e gestores em etapas como: 1. Levantamento de questionamentos na temática; 2. Discussão e busca de fontes de pesquisa pelos mestrandos; 3. Elaboração, aplicação e avaliação do projeto de ação, em formato carrossel, alternando três grupos: anatomia e cuidados com o aparelho reprodutor masculino, doenças sexualmente transmissíveis (DSTs, e estilo de vida saudável e sexualidade. Conclusão: Por meio da ação educativa em saúde foi proposta a reflexão por um pensar a sexualidade, tanto na dimensão higiênica preventiva como na orientação a hábitos de vida promotores de saúde.

  1. O olhar dos adolescentes em conflito com a lei sobre o contexto social

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jacoby, Márcia

    2006-01-01

    Full Text Available Este artigo originou-se da pesquisa intitulada “Adolescentes privados de liberdade: mapeando trajetórias de conflito com a lei”. Discute-se, aqui, o contexto em que os adolescentes que cometem atos infracionais estão inseridos, especialmente quanto aos aspectos sociais. São analisados relatos de jovens, coletados através de entrevistas, sobre os fatores que eles julgam contributivos para que cometessem delitos: uso de drogas, vida na comunidade, grupo de amigos, relação com o trabalho, família e escola. Reflete-se sobre as condições de vida desses sujeitos, destacando-se a necessidade da garantia dos seus direitos. Como conclusão, afirma-se a importância do investimento nas políticas sociais, principalmente as relacionadas à convivência familiar e comunitária e à educação. This article has derived from the research named “Adolescents deprived of freedom: tracing law-conflicting trajectories”. Herein, the discussion is about the context where the adolescents, who perpetrate infraction acts, are inserted, especially as to social aspects. An analysis is made of the youngsters reports, collected upon interviews, about the factors that they consider contributions for perpetrating law violations: use of drugs, life in the community, group of friends, relations with the work, the family and the school. Reflection takes place about the life’s conditions of these persons, by pointing out the need of guaranteeing their rights. The drawn conclusion affirms the importance of investing on social policies, mainly those regarding family and community life and education.

  2. Efetividade de website de educação em saúde bucal para adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    priscilla Bittencourt de Almeida figueiredo

    2014-09-01

    Full Text Available RESUMO Objetivo: Avaliar a efetividade de um website desenvolvido como ferramenta de educação em saúde bucal para adolescentes. Métodos: Estudo experimental realizado no município de Belém-PA, no período entre agosto e novembro/2012. A amostra foi composta por 160 escolares, na faixa etária de 11 a 15 anos, de escolas pública e particular. Dois grupos foram formados, sendo um grupo experimental com participação em atividade educativa, com diferencial de acesso a um website contendo informações sobre saúde bucal para adolescentes. Os dados foram coletados por meio de dois questionários auto-administrados aos alunos antes e depois da intervenção educativa. Foram verificadas variáveis de conhecimentos e atitudes sobre saúde bucal. A análise dos dados foi a partir do Teste Qui-quadrado para verificar a associação entre as variáveis categóricas e da Análise de Variância (ANOVA um critério e Teste de Tukey para comparação da quantidade de acertos das questões. Resultados: Observou-se que os escolares, de ambos os grupos, após as atividades educativas, obtiveram bom conhecimento acerca das questões sobre cárie e etiologia do câncer bucal, tendo os escolares do grupo experimental apresentado melhor desempenho sobre esses temas. A maioria dos escolares participantes da pesquisa nunca realizou o autoexame bucal e não possuem conhecimento adequado sobre doença periodontal. Conclusão: O método educativo experimental avaliado demonstrou-se parcialmente efetivo na modificação de conhecimentos sobre doença periodontal. Em contrapartida, foi significantemente efetivo sobre a cárie dentária e os métodos de higienização bucal.

  3. Consumo alimentar de adolescentes matriculados em um colégio particular de Teresina, Piauí, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    CARVALHO Cecilia Maria Resende Gonçalves de

    2001-01-01

    Full Text Available Com o objetivo de estudar o consumo alimentar de adolescentes matriculados em um colégio particular de Teresina, realizou-se estudo transversal através de amostragem sistemática. A freqüência de consumo de alimentos expressa em dias por semana foi obtida mediante questionário administrado individualmente ao aluno. O estado nutricional foi avaliado pelo Índice de Massa Corporal, considerando com sobrepeso valores > ou = P85. Os resultados indicam prevalência elevada de risco para o sobrepeso (19,8% nos 334 adolescentes. Os meninos consumiram com maior freqüência alimentos energéticos (milho, manteiga, pizza, lasanha, sucos industrializados, refrigerantes e construtores (frango, ovos, leguminosas em relação às meninas (p < 0,05. Os adolescentes de 10 a 13 anos consumiram com maior freqüência milho, mel, açúcar, rapadura enquanto aqueles com idade entre 17 e 19 anos consumiram mais arroz, bolos, biscoitos, rosca, balas, goma de mascar, refrigerantes, frutas verde-amarelo.

  4. Drogadição e atos infracionais na voz do adolescente em conflito com a lei

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sandra Eni Fernandes Nunes Pereira

    Full Text Available Por meio das abordagens sistêmica e psicossocial, o presente estudo tem como objetivo descrever e discutir a relação entre os níveis de dependência relacional das drogas e a prática de atos infracionais entre os jovens, na perspectiva do adolescente em conflito com a lei. As informações foram coletadas por entrevistas semi-estruturadas, aplicadas em 29 adolescentes, autores de infração, da Vara da Infância e Juventude de Brasília. O método de análise refere-se à análise de conteúdo do tipo construtivo-interpretativo. Os resultados apontam várias conexões entre os níveis de dependência relacional das drogas (efeitos, crenças, relações afetivas, pares, provedores, fornecedores e a prática de infrações. Os diferentes níveis de dependência identificados na voz dos adolescentes mostram a multiplicidade e complexidade das relações entre a drogadição e a prática de atos infracionais entre jovens e, portanto, a necessidade de um trabalho de intervenção em rede.

  5. QUALIDADE DE SONO E SUA ASSOCIAÇÃO COM SINTOMAS PSICOLÓGICOS EM ATLETAS ADOLESCENTES

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gabriel Cordeiro Gomes

    Full Text Available RESUMO Objetivo: Verificar a prevalência de má qualidade de sono e sua associação com características pessoais e sintomas de depressão, ansiedade e estresse em adolescentes atletas amadores. Métodos: Foram avaliados 309 adolescentes atletas, entre 10 e 19 anos. Para a coleta de dados foram utilizados: questionário estruturado, contendo informações pessoais; Índice de Qualidade do Sono de Pittsburgh (PSQI; e Escala de Ansiedade, Depressão e Stress de 21 itens (EADS-21. Na análise descritiva foram calculados a média e o desvio padrão das variáveis numéricas e as frequências absolutas e relativas das variáveis categóricas. Para a análise inferencial foram realizados teste t de Student e teste do qui-quadrado, além de regressão de Poisson, sendo calculadas as razões de prevalência (RP em um intervalo de confiança de 95% (IC95%. Resultados: A média de idade dos participantes foi de 14,1±2,1, sendo 13,8±2,0 para o grupo de adolescentes com boa qualidade do sono e 15,0±2,1 para o grupo com má qualidade do sono. A má qualidade do sono foi registrada em 28,2% (n=87, a depressão, em 26,9% (n=83 e a ansiedade/estresse, em 40,1% (n=124 da amostra. A má qualidade do sono se associou à faixa etária de 15 a 19 anos (RP 1,24; IC95% 1,14-1,37, a adolescentes com sobrepeso (RP 1,12; IC95% 1,01-1,24 e com sintomas de depressão (RP 1,23; IC95% 1,08-1,40 e de ansiedade/estresse (RP 1,16; IC95% 1,04-1,28. Conclusões: A presença de sobrepeso e sintomas psicológicos, bem como a idade superior a 15 anos, se mostraram fatores de risco para aumentar a chance da má qualidade do sono em adolescentes atletas.

  6. Associação de sintomas de rinoconjuntivite e asma em adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rita de Cássia C.M. Brito

    2009-07-01

    Full Text Available Resumo: Objectivos – Determinar a prevalência da associação de sintomas de rinoconjuntivite e asma em adolescentes, analisar se os sintomas de asma são mais intensos e frequentes entre os adolescentes com sintomas de rinoconjuntivite alérgica e avaliar se os adolescentes reconhecem os sintomas de rinoconjuntivite.Métodos – Realizou-se um estudo do tipo corte transversal com dois componentes: um estudo de prevalência e um estudo entre casos (sintomas de rinoconjuntivite, com um grupo de comparação (ausência de sintomas de rinoconjuntivite a partir de informações dos questionários aplicados na fase 3 do ISAAC, no ano de 2002, na cidade do Recife.Resultados – A prevalência da associação de sintomas de rinoconjuntivite e de provável asma foi de 5,1% (48/940; IC 95%: 3,8 %-6,6%, apenas de asma de 10,9% (103/940; IC 95%: 9,1%-13,1% e de rinoconjuntivite isolada foi de 9,7% (91/940; IC 95%: 7,9%-13%. Entre os adolescentes com sintomas de rinite, 81,3% (39/48 tinham provável asma persistente, 31,8% (48/151 dos com sintomas de asma referiam também sintomas de rinoconjuntivite. Não reconheciam os sintomas de rinoconjuntivite 65,1% (86/132 dos adolescentes que apresentavam esses sintomas.Conclusão – A associação de sintomas de rinoconjuntivite e asma é frequente e está associada à maior gravidade dos sintomas de asma. O facto de os adolescentes não reconhecerem os sintomas de rinoconjuntivite reflecte o subdiagnóstico, que pode resultar na desvalorização dos sintomas e, consequentemente, no tratamento inadequado.Rev Port Pneumol 2009; XV (4: 613-628 Abstract: Aim – Our study aimed to determine the rate of association of rhinoconjunctivitis and asthma symptoms in adolescents to analyse whether asthma symptoms are more severe and frequent in asthmatics with concomitant allergic rhinitis and assess if adolescents are aware of having

  7. Avaliação da adesão à terapia antirretroviral em crianças e adolescentes

    OpenAIRE

    Aline Santarem Ernesto

    2011-01-01

    Resumo: Introdução: A Síndrome de Imunodeficiência Adquirida (Aids) é atualmente uma doença crônica, controlável graças à Terapia Antirretroviral de Alta Atividade (TARV). Em um contexto de acesso universal ao tratamento, a adesão do paciente torna-se um fator limitante e desafiador. Este estudo teve como objetivo avaliar a prevalência da nãoadesão à TARV em uma coorte de crianças e adolescentes com o uso de instrumentos complementares, bem como identificar e compreender os fatores associados...

  8. Adolescentes em conflito com a lei Adolescents in conflict with the law

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roseana Mara Aredes Priuli

    2007-10-01

    Full Text Available O estudo focou o adolescente autor e vítima da violência, fenômeno crescente no Brasil. Dados coletados dos prontuários dos internos de São José do Rio Preto e seleção das variáveis: local de moradia, idade, escolaridade, tipo e local das infrações, uso de drogas e ocupação, composição familiar, renda, escolaridade e trabalho dos pais. Os resultados revelaram perfil sociodemográfico, infracional e relacional de parte significativa com 17 anos, ensino fundamental incompleto, evadido da escola, sem trabalho e residente na região norte, de menor poder socioeconômico. A infração de maior percentual foi roubo, seguida de furto, tentativa de homicídio, homicídio, roubo qualificado, tráfico de drogas e roubo com morte, nos bairros da região norte. A maioria usava tabaco, maconha, álcool, crack; a minoria, cocaína, thinner e cola. Detectou-se realidade precária de familiares com baixo nível de renda, escolaridade, profissão e abuso de álcool, contribuindo para transformar os adolescentes em vítimas. A maioria das mães, provedora do lar, principal figura na internação e mediadora entre o adolescente, o poder judiciário e a comunidade. Considerando o elevado custo da violência interpessoal, concluímos, nesse estudo, a necessidade de políticas públicas para crianças e adolescentes na cidade de São José do Rio Preto.This study is focused on teenagers who behave violently and who are also victims of violence. The data was collected from records of adolescent inmates in São José do Rio Preto. The variables selected were: place of residence, age, education level, type of offense, drugs use, family income, parent education levels, jobs. The findings disclose a social and demographic profile for teenagers around seventeen years old with only elementary education. The most common offence was robbery; followed by theft, homicide, drug dealing, and robbery leading to death. Most of these teenagers smoked tobacco and

  9. Depressão em Adolescentes: Revisão da Literatura e o Lugar da Pesquisa Fenomenológica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Anna Karynne Melo

    Full Text Available Resumo Atualmente a depressão em adolescentes consiste em um fenômeno complexo e cada vez mais recorrente. Visando identificar e discutir os estudos que estão sendo produzidos sobre este tema, realizamos uma revisão de literatura com base em pesquisas indexadas nos bancos de dados SciELO; Portal de Periódicos da Capes; BDTD; APA; ScienceDirect; Redalyc; Lillacs e MedLine, mediante cruzamento das palavras-chave: depressão e adolescência; depressão em adolescentes; depression in adolescentes; depresión en adolescentes. Foram identificados 247 textos, sendo que, após apreciação baseando-se nos critérios de elegibilidade, restaram 159 estudos. Num primeiro momento, essas pesquisas foram organizadas quantitativamente e, a seguir, por uma análise qualitativa. Os estudos evidenciaram cinco categorias temáticas: sintomas depressivos; fatores associados à variabilidade sintomatológica; eventos estressores e fatores de risco; comorbidades associadas à depressão em adolescentes e depressão e suicídio em adolescentes. Os eixos abordados demonstram que ainda existe muito a discorrer sobre essa forma de adoecimento, em virtude dos múltiplos contornos que a constituem. Destacamos a escassez de trabalhos pautados em uma perspectiva fenomenológica, apesar do gradativo crescimento nos últimos anos. Sugere-se a fomentação, bem como a construção de novos espaços de discussão, no intuito de auxiliar os profissionais que estão envolvidos com essa temática em sua praxis.

  10. ADOLESCENTES EM CONFLITO COM A LEI EM MOÇAMBIQUE: REFLEXÕES SOBRE MEDIDAS SOCIOEDUCATIVAS E LIMITES PARA SUA APLICAÇÃO PRÁTICA.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tomás Xavier Francisco

    2015-03-01

    Full Text Available Este artigo tem por fim analisar, por um lado, a problemática dos adolescentes em conflito com a lei em Moçambique, e por outro lado, fazer reflexões sobre as medidas socioeducativas e limites para a sua aplicação prática. O trabalho contempla uma introdução, desenvolvimento onde arrola-se considerações sobre o histórico da legislação sobre adolescentes ou menores no país, reflexões sobre medidas socioeducativas e seus limites para sua aplicação prática, e por fim, contempla considerações finais e referências bibliográficas. A metodologia usada foi estudo exploratório, recorrendo-se a pesquisa bibliográfica e análise documental.

  11. Via de parto em gestações sucessivas em adolescentes: estudo de 714 casos Route of delivery in successive gestations in adolescents: study of 714 cases

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vamberto Oliveira de Azevedo Maia

    2004-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: analisar a associação da via de partos consecutivos de 714 gestantes adolescentes, que pariram na Maternidade do Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Pernambuco, no período de janeiro a dezembro de 2001. PACIENTES E MÉTODOS: em estudo prospectivo, analítico, transversal, tipo incidência, foi analisada a sucessão das vias de parto da primeira até a quarta gestação de 714 parturientes adolescentes, com idade variando entre 13 e 19 anos (média 17,2±1,5 anos. Identificando-se, no livro da sala de parto, a cada dia, as adolescentes que pariram, após ter obtido o consentimento livre e esclarecido, cada uma respondeu a um questionário estruturado, com 65 perguntas diretas e respostas fechadas, pré-codificadas, entre as quais estavam vias de parto e o número de gestações. RESULTADOS: observou-se que 527 (73,8% adolescentes tiveram uma única parturição, 149 (20,9% duas parturições, 35 (4,9% três partos e 3 (0,4% quatro partos. Dentre os 273 partos cesáreos, 207 (75,8% ocorreram em primíparas, 65 (23,8% em paucíparas e 1 (0,4% em multípara. Houve associação estatisticamente significante entre via de parto da primeira e da segunda parturições; em 83 (55,7% gestantes adolescentes quanto à via transvaginal e em 41 (27,5%, para a via cesárea. Coincidiram também as vias de parto de segunda e terceira parturições, em 23 (65,7% gestantes adolescentes no parto transvaginal e em outras 10 (28,6% na cesárea. CONCLUSÃO: identificou-se tendência da coincidência das vias de parto em gestações sucessivas em parturientes adolescentes, até a terceira parturiçãoPURPOSE: to analyze the association between modes of consecutive deliveries of 714 adolescents attended at the Maternity sector of the Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Pernambuco (Federal University of Pernambuco, from January to December 2001. PATIENTS AND METHODS: according to a prospective, analytic, transversal, and incidence

  12. Doença periodontal em portadoras de valvopatia durante a gravidez: estudo clínico e microbiológico Enfermedad periodontal en portadoras de valvopatía durante la gravidez: estudio clínico y microbiológico Periodontal disease in pregnant patients with rheumatic valvular disease: clinical and microbiological study

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Walkiria Samuel Ávila

    2011-04-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A doença periodontal representa risco à gestante portadora de valvopatia reumática, seja para contrair endocardite infecciosa, seja por propiciar complicações obstétricas. OBJETIVO: Estudar a frequência da doença periodontal em portadoras de valvopatia reumática durante a gravidez. MÉTODOS: Foram estudadas 140 gestantes, comparáveis quanto a idade e o nível socioeconômico, divididas em: 70 portadoras de doença valvar reumática e 70 mulheres saudáveis. Todas se submeteram a: 1 avaliação clínica odontológica que incluiu a análise dos seguintes parâmetros: 1.1 profundidade à sondagem, 1.2 distância da linha esmalte-cemento à margem gengival, 1.3 nível clínico de inserção, 1.4 índice de sangramento, 1.5 índice de placa bacteriana, e, 1.6 comprometimento de furca; e, 2 exame microbiológico nas amostras de saliva e do cone que considerou o controle positivo para as cepas das bactérias Porphyromonas gingivalis, Tannerella forsithia e Aggregobacter actinomycetemcomitans. RESULTADOS: A lesão valvar mitral foi prevalente (65 casos = 92,8% dentre as gestantes cardiopatas. A comparação entre os grupos mostrou não haver diferenças entre idade e a paridade, e embora tenham sido verificadas diferenças entre as medidas da distância da linha esmalte-cemento à margem gengival (p = 0,01 e o índice de placa (p=0,04, a frequência da doença periodontal identificada em 20 (14,3% gestantes, não foi diferente entre os grupos (p = 0,147. O exame microbiológico mostrou uma proporção maior da bactéria P. gingivalis na saliva de gestantes saudáveis (p = 0,004. CONCLUSÃO: O estudo clínico e microbiológico periodontal durante a gravidez demonstrou igual frequência da doença periodontal em portadoras de valvopatia reumática quando comparada às mulheres saudáveis.FUNDAMENTO: La enfermedad periodontal, caracterizada por el estado inflamatorio e infeccioso permanente de la cavidad oral, representa riesgo a la

  13. Simultaneidade de comportamentos de risco para infecções sexualmente transmissíveis em adolescentes brasileiros, 2012

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosália Garcia Neves

    Full Text Available Resumo OBJETIVO: analisar a simultaneidade de dois grupos de comportamentos de risco para infecções sexualmente transmissíveis em adolescentes brasileiros. MÉTODOS: estudo transversal com dados da Pesquisa Nacional de Saúde do Escolar 2012; os desfechos foram (1 simultaneidade de consumo de álcool, fumo e drogas (pelo menos dois e (2 não uso de camisinha e relação sexual com dois ou mais parceiros. RESULTADOS: a simultaneidade de consumo de álcool, fumo e drogas foi de 14,7% nos meninos e 21,5% nas meninas, mais prevalente em brancos, com mães mais escolarizadas, que não moravam com os pais; aproximadamente 12,0% dos adolescentes apresentaram simultaneidade de não uso de camisinha e dois ou mais parceiros, sendo mais frequente nos meninos mais novos, não brancos (RP=1,22; IC95% 1,10;1,36 e que não moravam com os pais (RP=1,78; IC95% 1,48;2,16, enquanto nas meninas, esse desfecho associou-se a maior idade. CONCLUSÃO: ambos desfechos associaram-se a diferentes características, dependendo do sexo do adolescente.

  14. Sistema Socioeducativo Potiguar: um debate sobre violações de direitos de crianças e adolescentes em âmbito internacional

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ilana Lemos Paiva

    2016-12-01

    Full Text Available O Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA, embasado especialmente no processo da Convenção Internacional das Nações Unidas sobre os Direitos da Criança (1989, representou um significativo avanço em relação à proteção dos direitos fundamentais de crianças e adolescentes, e originou mudanças paradigmáticas ao responsabilizar adolescentes em conflito com a lei por meio de medidas socioeducativas. Apesar dos avanços observados, a realidade dos adolescentes que cumprem medidas socioeducativas continua marcada por quadro de violação de direitos. Desse modo, pretende-se analisar as graves e recorrentes violações de direitos humanos a adolescentes em conflito com a lei verificadas no estado do Rio Grande do Norte, como territorialidade específica. Compreende-se que, apesar das limitações, acionar o sistema americano de direitos humanos revela-se uma importante ferramenta. Estatuto da Criança e do Adolescente, Sistema Socioeducativo, sistema americano de direitos humanos

  15. Fatores associados à atividade física em adolescentes estudantes do período noturno

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabio Luis Ceschini

    2015-02-01

    O objetivo do estudo foi descrever os fatores associados à atividade física de adolescentes que frequentam aula no período noturno de escolas públicas e privadas em uma região da cidade de São Paulo. Foram selecionadas três escolas públicas e três escolas privadas que ofereciam as séries acadêmicas do ensino médio na zona norte da cidade de São Paulo. A amostra foi composta de 1.844 adolescentes com idades entre 15 e 20 anos. A atividade física foi avaliada pelo Questionário Internacional de Atividade Física. Os adolescentes classificados como ativos foram àqueles que cumpriram a recomendação de no mínimo 300 minutos semanais em atividades físicas. Coletaram-se informações sobre o uso de tabaco e ingestão de bebidas alcoólicas. Empregou-se a regressão logística (significância de p300 minutos/semanais foi de 36,1%, se associando às seguintes variáveis: A rapazes mais jovens e com menor nível socioeconômico; B adolescentes que estudavam em escolas privadas; C não fazer uso de tabaco ou bebidas alcoólicas; D não exercer atividades profissionais remuneradas e; E frequentar a escola nos fins de semana para praticar atividades físicas. O nível de atividade física dos estudantes de escolas públicas e privadas parece sofrer influência do período que frequentam as aulas, sugerindo a implantação de mecanismos de incentivo que aumentem a participação em atividades físicas. A estrutura escolar e programas de intervenção poderiam contribuir para incrementar o nível de atividade física entre adolescentes.

  16. TEMPO DE TELA, PERCEPÇÃO DA QUALIDADE DE SONO E EPISÓDIOS DE PARASSONIA EM ADOLESCENTES

    OpenAIRE

    Silva, Alison Oliveira da; Oliveira, Luciano Machado Ferreira Tenório de; Santos, Marcos André Moura dos; Tassitano, Rafael Miranda

    2017-01-01

    RESUMO Introdução: O sono é um importante componente no processo de desenvolvimento biológico e mental das crianças e dos adolescentes, considerado fonte de revitalização das funções orgânicas. Objetivo: Analisar a associação entre o tipo e tempo de exposição à tela, a percepção da qualidade de sono e os episódios de parassonia em adolescentes. Métodos: Estudo transversal que incorpora um levantamento epidemiológico de base escolar com amostra representativa (n = 481) de estudantes (14 a 1...

  17. Significados da gravidez e da maternidade: discursos de primíparas e multíparas

    OpenAIRE

    Silva, Flavia Baroni; Souza, Laura Vilela e; Scorsolini-Comin, Fabio

    2013-01-01

    Resumo: O objetivo foi compreender os sentidos sobre maternidade e as vivências da gravidez em gestantes primíparas e multíparas. Foram entrevistadas seis gestantes, sendo três primíparas e três multíparas. Nas falas, foram trazidos temas como dificuldades físicas, alterações corporais, repercussão da gravidez no relacionamento conjugal, planejamento da gravidez e envolvimento paterno. Observou-se, nas primíparas, que a inexperiência trouxe insegurança, ao passo que, em algumas multíparas, ho...

  18. Correlação entre o diâmetro de ruptura folicular e ocorrência de gravidez em pacientes com síndrome dos ovários policísticos estimuladas com citrato de clomifeno

    OpenAIRE

    Portocarrero Sánchez, Carlos [UNESP

    2011-01-01

    A taxa de sucesso de ovulação com uso do citrato de clomifene é excelente, alcançando valores entre 80% e 85%, porém a taxa de gravidez é de apenas 20% a 40%. Quando o citrato de clomifene é usado como indutor de ovulação, em mulheres portadoras de síndrome dos ovários policísticos, a literatura não define qual o momento ideal de ruptura folicular que se correlaciona com sucesso de gravidez. Identificar o diâmetro de ruptura folicular de pacientes com síndrome de ovários policísticos (SOP) es...

  19. Índice de conicidade como preditor de alterações no perfil lipídico em adolescentes de uma cidade do Nordeste do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adélia da Costa Pereira de Arruda Neta

    Full Text Available Resumo: O objetivo foi avaliar o indice de conicidade (Índice C como preditor de alterações no perfil lipídico em adolescentes e estabelecer seus pontos de corte. Estudo transversal com 774 adolescentes de ambos os sexos (55% do sexo feminino, de 10 a 14 anos de idade. O Índice C foi calculado de acordo com a fórmula proposta por Valdez, considerando as medidas de massa corporal, estatura e circunferência da cintura (CC. As alterações no perfil lipídico dos adolescentes foram definidas segundo uma das seguintes condições: elevados níveis de colesterol total, lipoproteína de alta densidade (LDL, triglicerídeos e níveis baixos de lipoproteína de baixa densidade (HDL. O poder preditivo do Índice C para alterações no perfil lipídico, assim como seus pontos de corte, foi determinado por meio das curvas ROC (Receiver Operating Characteristic. O Índice C foi um bom preditor para alterações lipídicas em adolescentes, com destaque para os níveis de triglicerídeos em adolescentes do sexo masculino de 10 a 11 anos (ROC = 0,67; IC95%: 0,50-0,85 e de 12 a 14 anos (ROC = 0,69; IC95%: 0,59-0,80, assim como em adolescentes do sexo feminino de 10 a 11 anos (ROC = 0,65; IC95%: 0,50-0,79; e LDL em adolescentes do sexo feminino de 10 a 11 anos (ROC = 0,70; IC95%: 0,59-0,80 e adolescentes do sexo masculino (ROC = 0,65; IC95%: 0,55-0,75 e adolescentes do sexo feminino (ROC = 0,62; IC95%: 0,50-0,75 de 12 a 14 anos. Os pontos de corte do Índice C variaram de 1,12 a 1,16 entre meninos e meninas. O Índice C pode ser utilizado para predizer alterações lipídicas, bem como seus pontos de corte podem ser utilizados para triagem de adolescentes em risco de alterações no perfil lipídico.

  20. O perfil dos adolescentes que cumprem medida socioeducativa de prestação de serviços à comunidade em Maringá - PR

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Lopes Silva

    2011-07-01

    Full Text Available Este artigo resulta da pesquisa sobre adolescentes em conflito com a lei e o cumprimento da medida sócio educativa de Prestação de Serviços a Comunidade no município de Maringá – PR. Trata-se de uma pesquisa documental qualitativa, cujo objetivo foi o de construir uma breve reflexão sobre a a infância e juventude para compreensão do envolvimento do adolescente em atos infracionais. A pesquisa foi realizada no Centro de Referência Sócio Educativo - CRSE, órgão executor das medidas sócio educativas de Prestação de Serviços a Comunidade e Liberdade Assistida, no município de Maringá- PR. A pesquisa ocorreu em duas etapas: a revisão de literatura sobre os temas criança e adolescente e adolescente em conflito com a lei. A segunda ocorreu por meio da consulta ao banco de dados do CRSE; do registro dos prontuários dos adolescentes que cumprem a referida medida, bem como os instrumentos utilizados pelos profissionais do CRSE nos atendimentos realizados. A pesquisa foi desenvolvida no período de julho a novembro de 2010. Foi possível identificar o perfil do adolescente em cumprimento de medida sócio educativa de PSC no CRSE. Esta identificação nos deu a dimensão da situação econômica e social do adolescente e família atendidos pela equipe do programa.

  1. Pulmão e gravidez Pregnancy and lungs

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Inês A C Gonçalves Marcos

    2007-03-01

    Full Text Available A patologia respiratória é relativamente frequente durante a gravidez. Um terço das grávidas sofrem exacerbação da asma. O tromboembolismo pulmonar é cerca de 5 vezes mais frequente na gravidez. As pneumonias bacterianas, virais e fúngicas são mal toleradas pela grávida, provocando significativa morbilidade materno-fetal, insuficiência respiratória, baixo peso ao nascer ou prematuridade. A tuberculose, se não for tratada, pode aumentar em 4 vezes a mortalidade materna e em 9 vezes o parto pré-termo. A gravidez está contra-indicada em mulheres com fibrose quística e função pulmonar grave. Apesar dos progressos terapêuticos, a hipertensão pulmonar continua a estar associada a valores superiores a 30% de morbilidade e mortalidade materno-fetal. Aproximadamente 1 em 1000-1500 gravidezes é complicada por neoplasia maligna materna. O cancro do pulmão nas grávidas coloca desafios terapêuticos importantes devido às elevadas taxas de mortalidade.Respiratory pathology can be relatively frequent during pregnancy. One third of pregnant woman may experience worsening of their asthma condition. Pulmonary tromboembolism is 5 times more frequent in pregnancy. Bacterial, viral and fungal pneumonias are baddly tolerated during pregnancy, provoking mother-foetal morbidity, respiratory insufficiency, low born-weight or prematurity. Non-treated tuberculosis may increase maternal mortality and preterm birth by 4 and 9 times respectively. Pregnancy is counter-indicated in women with cystic fibrosis and severe pulmonary function. Despite therapeutic progresses already made, pulmonary hypertension is associated to over 30% of mother-foetal morbidity and mortality. Approximately 1 in 1,000-1,500 pregnancies is affected by mother cancer. High rates of lung cancer morbility in women bring new and important challenges to therapy.

  2. Síndrome hipertensiva da gravidez e diabetes mellitus gestacional em uma maternidade pública de uma capital do Nordeste brasileiro, 2013: prevalência e fatores associados

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alane Cabral Menezes de Oliveira

    Full Text Available OBJETIVO: avaliar a prevalência e os fatores associados aos desfechos 'síndrome hipertensiva da gravidez (SHG' e 'diabetes mellitus gestacional (DMG' em uma maternidade pública de Maceió-AL, Brasil. MÉTODOS: estudo transversal, realizado no ano de 2013, no hospital universitário do município, mediante aplicação de formulário padronizado, avaliação antropométrica e consulta a pareceres médicos; foram calculadas razões de prevalência (RP brutas e ajustadas e intervalos de confiança de 95% (IC95%, por regressão de Poisson. RESULTADOS: as prevalências de SHG e DHG foram, respectivamente, de 18,4% e 6,5%; o ganho ponderal excessivo mostrou-se um fator independente associado à prevalência de SHG (RP 2,91; IC95% 1,58;5,35; idade ≥35 anos (RP 4,33; IC95% 1,61;11,69 e sobrepeso (RP 2,97; IC95% 1,05;8,37 associaram-se ao DMG. CONCLUSÃO: a assistência pré-natal deve se organizar para prevenir alguns desses fatores, visando à redução da ocorrência de SHG e DMG.

  3. Perfil de puérperas adolescentes atendidas em um hospital ensino do sul do país - doi: 10.4025/actascihealthsci.v34i1.8946 The profile of teenage mothers attending in a teaching hospital at Southern Brazil - doi: 10.4025/actascihealthsci.v34i1.8946

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Dalva de Barros Carvalho

    2011-12-01

    Full Text Available A gravidez na adolescência acarreta consequências sociais, emocionais e de saúde. O objetivo deste estudo foi traçar o perfil de puérperas adolescentes atendidas em um Hospital Ensino do Sul do país. Trata-se de uma pesquisa observacional, retrospectiva, transversal. A amostra foi composta por puérperas adolescentes, atendidas na Maternidade do Hospital Universitário do Oeste do Paraná (HUOP, em outubro de 2008. Foi evidenciado alto número de partos em adolescentes (26,22%. A maior parte residia na zona urbana, apresentava Ensino Médio incompleto, início precoce da vida sexual, união consensual, renda familiar baixa, não exercia atividade remunerada, iniciou tardiamente o pré-natal e era primigesta. Os resultados encontrados são semelhantes aos de outros estudos com adolescentes grávidas no Brasil. Os programas voltados para a prevenção das doenças sexualmente transmissíveis e consequentemente a gravidez indesejada na adolescência, não estão apresentando os resultados esperados. São necessárias atividades de educação em saúde para que as estratégias sejam incorporadas ao dia-a-dia. Um trabalho educacional realizado em parceria com as escolas e com os pais é uma alternativa. Durante o pré-natal e após o nascimento da criança, é necessário um trabalho que vai além da assistência voltada à saúde física da mãe e do bebê.   The adolescent pregnancy brings social, emotional and health consequences. The aim of this study was to delineate the profile of teenage mothers attended in a Teaching Hospital in Southern Brazil. This is an observational, retrospective, and transversal research. The sample was composed by adolescents, attended at the Maternity from the Hospital Universitário do Oeste do Paraná (HUOP, during October 2008. A high number of births among adolescents (26.22% was evidenced. Most of them lived in urban areas, with incomplete secondary education, early sexual activity, consensual union, low

  4. Ultrassonografia pélvica em crianças e adolescentes Pelvic ultrasonography in children and teenagers

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Wellington de Paula Martins

    2009-12-01

    Full Text Available O conhecimento das mudanças que ocorrem no útero e ovários durante a puberdade é fundamental ao investigar alterações da pelve feminina em crianças e adolescentes. O exame ultrassonográfico nestas pacientes é rotineiramente realizado por via abdominal usando o líquido da bexiga como uma janela ultrassônica, embora possa ser algumas vezes realizado pela via vaginal em adolescentes sexualmente ativas. As principais indicações para ultrassonografia pélvica em crianças e adolescentes são a puberdade precoce ou atrasada, dor ou massas pélvicas, genitália ambígua, sangramento vaginal em crianças e amenorreia primária. Neste artigo relatamos a técnica do exame, além de descrever os achados mais freqüentes.The knowledge of uterine and ovarian changes in the puberty is essential in the investigation changes in the female pelvis of children and teenagers. In these patients, pelvic ultrasonography is routinely performed with a full bladder to produce an acoustic window, although this examination may also be performed with endovaginal approach in sexually active teenagers. Main indications for pelvic ultrasonography in children and teenagers are either early or delayed puberty, pelvic pain or tumors, ambiguous genitalia, vaginal bleeding in children, and primary amenorrhea. In the present paper, the authors describe the scanning technique and the most frequent sonographic findings.

  5. Osteoporose e gravidez Osteoporosis and pregnancy

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francisco Airton Castro da Rocha

    2005-06-01

    Full Text Available Os autores revisam a literatura sobre os possíveis efeitos da gravidez no desencadeamento de osteoporose, juntamente com uma breve discussão de aspectos da regulação do metabolismo do cálcio na mulher grávida. A carência de estudos a esse respeito é ressaltada. Os autores enfatizam a necessidade de estudos em nossa população, enfocando a possível associação entre paridade e fraturas decorrentes de osteoporose.The authors review the literature approaching the possible effects of pregnancy in the development of osteoporosis, coupled to a brief discussion of aspects about the regulation of calcium metabolism in pregnant women. The lack of studies focusing this subject is remarked. The authors emphasize the need for studies based on our population, approaching the possible association of parity and osteoporosis related fractures.

  6. CEP em Selfie: abordando sexting com adolescentes como forma de exposição virtual da sexualidade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leonardo das Neves Leal

    2017-06-01

    Full Text Available Este artigo objetiva relatar e refletir sobre intervenções feitas pelo Centro de Estudos Psicológicos (CEP-RUA da Universidade Federal do Rio Grande (FURG acerca do compartilhamento de fotos com conteúdo sexual – sexting – entre adolescentes, a fim de colaborar com o desenvolvimento saudável desse público. Foram realizadas três intervenções no município entre os anos de 2014 e 2015, a primeira numa escola privada com cerca de 100 estudantes que estavam entre o 7º ano do Ensino Fundamental e o 3º ano do Ensino Médio, a segunda na zona rural da cidade com 25 participantes sendo eles adolescentes e responsáveis atendidos pela a equipe do Centro de Referência em Assistência Social (CRAS da área, a terceira foi feita com 120 adolescentes participantes de um projeto social. Para abordar a temática usou-se dinâmicas grupais, contextualizando a necessidade humana de se autorretratar, a exposição da sexualidade durante diferentes contextos históricos e com diferentes ferramentas, da arte à utilização de dispositivos eletrônicos como celulares, câmeras digitais e computadores. Além disso fez-se a apresentação dos dispositivos legais para proteção e acolhimento da vítima em casos de exposição indevida da imagem, principalmente disposições do Estatuto da Criança e do Adolescentes sobre direito a imagem e punição em caso do denunciado ter também até 18 anos incompletos. As intervenções revelaram que a maioria dos adolescentes já tinham conhecimentos prévios sobre o assunto, embora desconhecem-se o termo sexting, também predominou a culpabilização das vítimas quando se tratava de mulheres expostas. Afirmou-se a necessidade de investir na abordagem multidisciplinar da educação para sexualidade com intuito de desmistificar e desconstruir alguns tabus sobre o tema.      

  7. POLÍTICAS PÚBLICAS E ADOLESCENTES EM CONFLITO COM A LEI: revisão sistemática da literatura nacional

    OpenAIRE

    Lisiane Ligia Mella; Jéssica Limberger; Ilana Andretta

    2016-01-01

    Políticas públicas voltadas ao adolescente em conflito com a lei têm sido amplamente destacadas ao longo da história brasileira, principalmente após o processo de redemocratização do país, que culminou na promulgação da Constituição Federal de 1988 e o posterior Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) em 1990. A presente revisão bibliográfica objetiva descrever estudos brasileiros de 2005 a 2015 acerca das políticas públicas dos adolescentes em conflito com a lei, analisando se tais estudo...

  8. Riscos cardiovasculares em adolescentes com diferentes graus de obesidade Riesgos cardiovasculares en adolescentes con diferentes grados de obesidad Cardiovascular risks in adolescents with different degrees of obesity

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Silvia Ferrari Lavrador

    2011-03-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Há poucos estudos sobre riscos cardiovasculares em adolescentes com diferentes graus de obesidade. OBJETIVO: Avaliar repercussões metabólicas associadas a diferentes graus de obesidade em adolescentes e seu impacto nos riscos cardiovasculares. MÉTODOS: Estudo transversal com 80 adolescentes obesos, divididos em dois grupos: 22,5, denominados obesos com menor e maior grau de obesidade, respectivamente. Foram realizados exame físico e avaliação bioquímica e de composição corporal. Para a análise estatística, foram aplicados os testes t-Student e qui-quadrado, com a finalidade de comparar os dois grupos. Modelo logístico múltiplo foi utilizado para verificar as associações entre variáveis bioquímicas e grau de obesidade. Foram desenvolvidos escores de risco para doença cardiovascular, de acordo com o número de alterações encontradas nas seguintes variáveis: glicemia de jejum, triglicérides, HDL e PA. Foram verificadas associações entre esses escores e o grau de obesidade. RESULTADOS: Os dois grupos diferiram em valores de peso, circunferência da cintura, glicemia e insulina de jejum, HOMA-IR, triglicérides, HDL, PA e medidas de composição corporal (pFUNDAMENTO: Existen pocos estudios sobre riesgos cardiovasculares en adolescentes con diferentes grados de obesidad. OBJETIVO: Evaluar repercusiones metabólicas asociadas a diferentes grados de obesidad en adolescentes y su impacto en los riesgos cardiovasculares. MÉTODOS: Estudio transversal con 80 adolescentes obesos, divididos en dos grupos: 22,5, denominados obesos con menor y mayor grado de obesidad, respectivamente. Se llevaron a cabo examen físico y evaluación bioquímica y de composición corporal. Para el análisis estadística, se aplicaron las pruebas t-Student y chi-cuadrado, con la finalidad de comparar los dos grupos. Modelo logístico múltiple se utilizó para verificar las asociaciones entre variables bioquímicas y grado de obesidad. Se

  9. Tabagismo em amostra de adolescentes escolares de Salvador-Bahia Smoking among school adolescents in Salvador (BA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adelmo Souza Machado Neto

    2003-10-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: O hábito de fumar em geral se inicia na adolescência. No Brasil, as estimativas da freqüência deste hábito entre adolescentes variam de 1% até 35%. OBJETIVO: Estimar a prevalência do tabagismo entre os adolescentes da oitava série do ensino fundamental à terceira série do curso médio, em escolas de Salvador - Bahia, Brasil. MÉTODO: Feito um estudo do tipo corte transversal de caráter exploratório. Foram aplicados 3.500 questionários a alunos matriculados entre a 8ª série do ensino fundamental e a 3ª série do ensino médio, em cinco escolas da região metropolitana de Salvador (BA. Análise estatística: medidas descritivas e de associação (razão de prevalência e o teste t de Student e o do qui-quadrado. RESULTADOS: A prevalência do tabagismo entre adolescentes de Salvador (BA foi de 9,6%, considerando-se os 3.180 questionários válidos, sendo maior no sexo masculino (14% que no feminino (6%. À medida que aumentava a idade, elevava-se essa prevalência. A média de idade do início do tabagismo foi de 14 ± 2 anos. Dentre adolescentes, 46% experimentaram o cigarro e 20% destes continuaram fumando. Entre filhos de fumantes a freqüência foi maior. O número médio de cigarros consumidos por dia pelos adolescentes que fumavam diariamente (n = 132 foi de 7 ± 6, sendo maior no sexo masculino. CONCLUSÃO: A prevalência do tabagismo em uma amostra selecionada de adolescentes escolares de Salvador (BA foi de 9,6%, sendo maior entre os indivíduos do sexo masculino. A experimentação e a influência dos pais foram associadas ao tabagismo nos adolescentes.BACKGROUND: Most tobacco users become addicted during adolescence. In Brazil, smoking prevalence among teenagers varies from 1% to 35%. OBJECTIVE: To estimate the prevalence of smoking among teenagers, aged from 13 to 20, in fundamental and high school in Salvador, Bahia, Brazil. METHOD: Cross-sectional exploratory study. Thirty five hundred questionnaires were

  10. Metodologia para prevenir exposição ao mercúrio em adolescentes de garimpos de ouro em Mariana, Minas Gerais, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Volney de M. Câmara

    Full Text Available O principal objetivo deste estudo foi promover a avaliação de uma metodologia educativa para identificar e refletir, criticamente, sobre os riscos à saúde de adolescentes causados pelo trabalho em garimpos de ouro. O projeto foi realizado com adolescentes que estudavam na Escola Estadual Cônego Braga do Distrito de Monsenhor Horta, Município de Mariana, Minas Gerais, Brasil. A avaliação dos resultados através de testes estatísticos revelou um significativo acréscimo de respostas corretas da primeira para a última fase sobre a definição de acidentes de trabalho e sua equiparação com as doenças do trabalho, os acidentes de trajeto e as agressões no local de trabalho.

  11. ESTUDO DA INCIDÊNCIA DE CIFOSE POSTURAL EM ADOLESCENTES NA FAIXA ETÁRIA DE 11 A 14 ANOS DA REDE ESCOLAR DE MARINGÁ

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sônia Maria Marques Gomes Bertolini

    2008-06-01

    Full Text Available Foram avaliados 200 adolescentes de ambos os sexos com idade entre 11 e 14 anos do Colégio Estadual “Alberto Byington Junior”, de Maringá, com o objetivo de verificar a incidência de cifose postural. Para este estudo, valemo-nos de avaliação postural, avaliação biométrica e ainda foram registrados o peso dos materiais escolares. Cifose postural ocorreu em 76 casos (38%. No sexo feminino, a cifose esteve presente em 44 casos (58% e no sexo masculino, em 32 casos (42%, não havendo diferenças significativas em relação ao sexo. Foi observado predomínio de cifose em adolescentes com sinais de puberdade (75%. A sintomatologia dolorosa esteve presente em 28 casos (37%. Foram verificados também os desvios posturais mais freqüentes, associados à cifose. Dos 200 casos avaliados, 22 (11% transportavam material escolar com peso igual ou superior a 10% do seu peso corporal, sendo que, destes 22 casos, 9 (40% apresentavam cifose. Os resultados indicam que estes adolescentes poderão ter suas posturas cifóticas agravadas pelo excesso de peso. Constatamos, ainda, que os adolescentes que participaram desta pesquisa tinham atividades cotidianas que favoreciam a instalação de cifose postural.

  12. Adolescentes travestis e transexuais em conflito com a lei: a emergência de novas reivindicações

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Camila Silva Nicácio

    2016-12-01

    Full Text Available O reconhecimento da identidade de gênero de adolescentes travestis e transexuais, no âmbito do sistema socioeducativo, aponta para a emergência e consolidação de direitos antes não reconhecidos no cenário brasileiro. Recentes e inéditas decisões do sistema de justiça infanto-juvenil do país têm inaugurado novos desafios e perspectivas de acautelamento consoantes com as especificidades que permeiam a experiência social vivenciada por esse público. Nesse sentido, os extratos do diário de campo aqui apresentados visam apresentar alguns dos impactos gerados pelo acautelamento de uma adolescente travesti em centro de internação para adolescentes do gênero feminino, bem como o percurso para a implementação de tal medida, inédita no Estado de Minas Gerais. 

  13. Distúrbios alimentares e sua associação com erosão e cárie dentária em adolescentes

    OpenAIRE

    Brandt, Lorenna Mendes Temóteo

    2015-01-01

    Os prejuízos na saúde bucal de indivíduos portadores de distúrbios alimentares vêm sendo investigados, trazendo consigo questões discordantes quanto ao comprometimento dos dentes. Diante disso, realizou-se um estudo transversal controlado, com o objetivo de avaliar a ocorrência de erosão e cárie dentária em adolescentes mulheres, de 15 a 18 anos, em risco de estarem sofrendo de distúrbios alimentares e compará-las a adolescentes saudáveis. A amostra probabilística foi compos...

  14. Motivos e prevalência de insatisfação com a imagem corporal em adolescentes Reasons and prevalence of body image dissatisfaction in adolescents

    OpenAIRE

    Edio Luiz Petroski; Andreia Pelegrini; Maria Fátima Glaner

    2012-01-01

    OBJETIVO: Verificar os motivos e a prevalência de insatisfação com a imagem corporal (IC) em adolescentes. Métodos: Participaram do estudo 641 adolescentes de 11 a 17 anos. A imagem corporal foi autoavaliada através da escala de nove silhuetas corporais. Resultados: A prevalência de insatisfação com a IC foi de 60,4% (masculino = 54,5%, feminino = 65,7%; p < 0,05). Os rapazes (26,4%) apresentaram maior desejo em aumentar o tamanho da silhueta corporal, enquanto as moças (52,4%) desejavam dimi...

  15. Qualidade de vida e saúde bucal em crianças e adolescentes: aspectos conceituais e metodológicos

    OpenAIRE

    Barbosa,Taís de Souza; Mialhe,Fábio Luiz; Castilho,Aline Rogéria Freire de; Gavião,Maria Beatriz Duarte

    2010-01-01

    O interesse pela qualidade de vida e saúde bucal em crianças e adolescentes vem aumentando, já que as desordens orais provavelmente apresentam efeito negativo na qualidade de vida das mesmas. Neste sentido, questionários que visam a avaliar o impacto da saúde bucal no bem-estar têm sido desenvolvidos e adaptados para este grupo específico. O objetivo deste trabalho é descrever a relação entre qualidade de vida e saúde bucal em crianças e adolescentes, focalizando aspectos conceituais e metodo...

  16. A violência urbana contra crianças e adolescentes em Belo Horizonte: uma história contada através dos traumas maxilofaciais

    OpenAIRE

    Silva,Carlos José de Paula; Ferreira,Efigênia Ferreira e; Paula,Liliam Pacheco Pinto de; Naves,Marcelo Drummond; Vargas,Andreia Maria Duarte; Zarzar,Patricia Maria Pereira Araujo

    2011-01-01

    Os traumas maxilofaciais decorrentes da violência contra crianças e adolescentes impactam suas vidas, física e psiquicamente, pelas deformidades que podem provocar e pela exposição da lesão na face das vítimas. O objetivo deste trabalho é identificar a prevalência dos traumas maxilofaciais em crianças e adolescentes decorrentes da violência urbana em Belo Horizonte- Brasil. O estudo foi conduzido no Hospital Municipal Odilon Behrens, único hospital municipal de referência nesse tipo de atendi...

  17. Estudo psicofísico da atenção visual e avaliação cognitiva em adolescentes com TDAH

    OpenAIRE

    Silva, Flávia Martins da

    2016-01-01

    O Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH) é um dos diagnósticos mais prevalentes na adolescência, sendo caracterizado pela tríade sintomatológica de desatenção, hiperatividade e impulsividade. O objetivo desta pesquisa foi avaliar o perfil cognitivo e a atenção visual em adolescentes com diagnóstico de TDAH. Participaram 27 adolescentes com idades entre 12 anos e 16 anos e 11 meses, distribuídos em cinco faixas etárias. Os pais dos participantes responderam a uma entrevista s...

  18. Fatores de risco e de proteção em adolescentes vítimas de abuso sexual

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jeane Lessinger Borges

    2013-09-01

    Full Text Available Este artigo refere-se a uma pesquisa qualitativa que visou identificar os fatores de risco e de proteção em casos de abuso sexual na adolescência. Foram entrevistadas duas meninas adolescentes vítimas de abuso sexual, de um município do Interior do Rio Grande do Sul. Os dados das entrevistas foram analisados por meio da Análise de Conteúdo (Bardin, 1977. Em relação aos resultados, percebe-se uma presença maior de fatores de risco do que de fatores de proteção no momento atual de vida das adolescentes, o que merece uma atenção especial por parte dos serviços que atendem estes casos. Sugerem-se pesquisas referentes aos estudos relacionados à resiliência e aos aspectos positivos da vida do ser humano, em vítimas de abuso sexual, buscando fortalecer os aspectos saudáveis das vítimas e ajudá-las a reconstruir sua vida.

  19. Alterações das funções executivas em crianças e adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Natália Martins Dias

    2010-05-01

    Full Text Available Funções executivas constituem um conjunto de processos cognitivos que permitem a regulação da cognição e do comportamento, possibilitando o engajamento do indivíduo em ações complexas. Essas habilidades estão comprometidas em uma diversidade de condições clínicas e este artigo teórico teve como objetivo oferecer uma revisão não-sistemática de alguns quadros nos quais estas habilidades apresentam-se prejudicadas, sobretudo em crianças e adolescentes. Verificou-se que condições como transtorno do déficit de atenção e hiperatividade, transtorno obsessivo-compulsivo, síndrome de Tourette, transtornos globais do desenvolvimento, transtornos de aprendizagem como a dislexia e a discalculia, além de alterações cromossômicas, como a síndrome de Down e de Prader-Willi, cursam com algum grau de comprometimento do funcionamento executivo. Este conhecimento tem implicações à prática e à pesquisa psicológica e pode ser útil a profissionais que atuam com crianças e adolescentes com alguma destas condições, contribuindo a um maior conhecimento acerca das funções executivas e suas alterações.

  20. Instrumentos específicos para avaliar a qualidade de vida em crianças e adolescentes com asma

    OpenAIRE

    Cristian Roncada; Rita Mattiello; Paulo M. Pitrez; Edgar E. Sarria

    2013-01-01

    OBJETIVO: Identificar e descrever os instrumentos específicos que avaliam a QVRS de crianças e adolescentes com asma. FONTES DOS DADOS: Realizamos buscas nas bases de dados PubMed, Ovid e LILACS utilizando várias combinações de descritores (MeSH terms), selecionando artigos originais sobre desenvolvimento de questionários específicos de QVRS, publicados em inglês, português ou espanhol, entre 1990 e 2012. SÍNTESE DOS DADOS: Foram identificados 15 instrumentos que preencheram os critérios de i...

  1. Anemia em adolescentes segundo maturação sexual Anemia among adolescents according to sexual maturation

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bianca Assunção Iuliano

    2004-03-01

    Full Text Available OBJETIVO: Verificar a prevalência de anemia em adolescentes (hemoglobina0,05. Observou-se aparente aumento do nível médio de hemoglobina com o desenvolvimento do adolescente. Detectou-se anemia em 11,0% dos adolescentes, a maioria na fase púbere, classificada como ''prevalência leve'' segundo a World Health Organization. Não foi encontrada associação entre indicadores sociais e anemia. CONCLUSÃO: O estudo apontou baixa prevalência de anemia, mas acima do esperado entre púberes de escola particular e indica tendência de aumento dos níveis de hemoglobina com o desenvolvimento sexual dos adolescentes. Devem ser realizados novos estudos de prevalência de anemia para se determinar sua causa entre adolescentes de diferentes níveis socioeconômicos.OBJECTIVE: To assess the prevalence of anemia (hemoglobin level <12g/dL in adolescents, according to their sexual maturation stage. METHODS: A cross-sectional study was conducted with all adolescents enrolled in 5th - 8th grades in a private school in the city of São Paulo. Their hemoglobin level was measured (using Hemocue® and sexual development was self-evaluated (with the aid of pictures of the maturation stages proposed by Tanner. The social indicators evaluated were the per capita family income and maternal schooling. Student t test and non-parametric Kruskal-Wallis test were used for mean comparison and Chi-square-test for associations (p<0.05. RESULTS: We analyzed 118 students, of which 66.9% were females (aged 12.2±1.13 years and 33.1% were males (aged 12.0±1.18 years. The mean hemoglobin level was 13.2±1.08 g/dL for females and 13.3±1.21 g/dL for males, with no significant difference. An apparent increase in the mean hemoglobin level was verified along with sexual development of the adolescents. Anemia was detected in 11% of them, most in the pubertal stage, which is classified by the World Health Organization as ''mild prevalence''. No association was found between social

  2. Nefropatia e gravidez

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliana Barroso Zimmermmann

    2013-03-01

    Full Text Available Introdução: a doença renal diminui a capacidade reprodutiva das mulheres e a concepção pode levar à progressão da doença renal e a complicações obstétricas relevantes. Descrição: caso de paciente com hipertensão arterial secundária à doença renal crônica diagnosticada no pré-natal, sem controle prévio. Discussão: o pré-natal em serviço especializado é determinante na evolução dessas gestações. A avaliação da função renal em mulheres hipertensas se faz mandatória no pré-natal.

  3. Efeitos do tiotixene (P-4657 B em crianças e adolescentes psicóticos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edy S. Navarro

    1968-12-01

    Full Text Available Foram estudados os efeitos do tiotixene (P-4657B em 34 crianças e adolescentes psicóticos dos quais '29 eram esquizofrênicos, tendo 17 deles menos de um ano de tempo de doença e 12 mais de um ano de doença. Foram obtidos bons resultados em 20 casos com nítida melhora na sintomatologia psíquica. Os efeitos colaterais foram de pequena intensidade. Os exames subsidiários (hemograma, provas de função hepática e eletrencefalograma não revelaram alterações significativas. Assim o tietixene confirmou sua atividade antipsicótica não só nos casos em que foi o primeiro tratamento instituído como também em alguns pacientes que tinham sido tratados com outras drogas antipsicóticas sem resultados satisfatórios. Foi assinalado efeito nítido sobre o apragmatismo e o embotamento afetivo. Ocorreu ação sedativa nas agitações psicomotoras devendo-se salientar que o resultado positivo se fez quase sempre sentir com dose mínima (5 — 10 mg/dia já nos primeiros dias de tratamento. Foi ótima a tolerância ao medicamento. Os efeitos colaterais foram mínimos. Sendo a esquizofrenia em crianças e adolescentes de difícil tratamento, a existência desta nova droga é, na opinião dos autores, uma util contribuição para sua terapêutica.

  4. Modelo etiológico dos comportamentos de risco para os transtornos alimentares em adolescentes brasileiros do sexo feminino

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leonardo de Sousa Fortes

    2016-01-01

    Full Text Available Resumo: O objetivo foi construir um modelo etiológico dos comportamentos de risco para os transtornos alimentares em adolescentes brasileiros do sexo feminino. Participaram 1.358 adolescentes de quatro cidades. Foram avaliados os comportamentos de risco para os transtornos alimentares, insatisfação corporal, pressões midiáticas, autoestima, estado de humor, sintomas depressivos e perfeccionismo por intermédio de escalas psicométricas. Peso, estatura e dobras cutâneas foram aferidos para calcular o índice de massa corporal (IMC e o percentual de gordura (%G. O modelo de equação estrutural explanou 76% da variância dos comportamento de risco (F(9, 1.351 = 74,50; p = 0,001. Os achados indicaram que a insatisfação corporal mediou a relação entre as pressões midiáticas, autoestima, estado de humor, IMC, %G e os comportamentos de risco (F(9, 1.351 = 59,89; p = 0,001. Vale destacar que embora os sintomas depressivos não tenham se relacionado com a insatisfação corporal, o modelo indicou relação direta com os comportamentos de risco para os transtornos alimentares (F(2, 1.356 = 23,98; p = 0,001. Concluiu-se que somente o perfeccionismo não aderiu ao modelo etiológico dos comportamentos de risco para os transtornos alimentares em adolescentes brasileiras.

  5. Paludismo e Gravidez

    OpenAIRE

    Sousa, S; Leitão, C; Campos, A

    1999-01-01

    O paludismo é uma das doenças infecciosas mais importantes no mundo, particularmente nas regiões tropicais. É uma doença grave, que quando não diagnosticada e tratada correctamente, pode ser mortal. A grávida apresenta maior risco de morbimortalidade, estando o paludismo associado a aborto, parto pré-termo (PPT) e atraso de crescimento intra-uterino (ACIU). Apesar de estar erradicado em Portugal, ocorreram no ano de 1997 vários casos de internamento por paludismo, no Serviço de Medicina Ma...

  6. Adiposidade em adolescentes e obesidade materna Relationship between maternal obesity and adiposity in adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Fernanda Petroli Frutoso

    2011-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Descrever a relação entre adiposidade na adolescência e obesidade materna. MÉTODOS: Foi realizado estudo transversal com 660 indivíduos de 8 a 18 anos, de ambos os sexos, matriculados em uma escola pública e outra privada do município de São Paulo. A coleta de dados foi realizada por meio de entrevista, medidas antropométricas e inquérito alimentar. A adiposidade na adolescência foi mensurada a partir do índice de massa corporal e, por meio de análise de regressão, verificou-se sua relação com a obesidade materna, ajustada por sexo, idade, estágio de maturação sexual, valor energético total da dieta, atividade física, sedentarismo, peso ao nascer e escolaridade materna. RESULTADOS: Dos adolescentes estudados, 64,7% eram do sexo feminino. A média (desvio-padrão de idade foi de 12,4 (1,80, variando de 8 a 17 anos. Verificou-se maior prevalência de excesso de peso e obesidade entre os indivíduos do sexo masculino, não sendo observada associação significativa entre estado nutricional e sexo. Após ajuste pelas covariáveis, detectou-se que filhos de mães obesas têm risco quatro vezes maior de ser obesos, quando comparados aos adolescentes filhos de mães não obesas. CONCLUSÃO: Conclui-se que a obesidade materna representa fator de risco importante para o desenvolvimento da obesidade na adolescência.OBJECTIVE: This study aimed to describe the relationship between teenager's adiposity and maternal obesity. METHODS: A cross-sectional study was done with 660 teenagers aged 8 to 18 years, of both genders, students of private and public schools of São Paulo. The data were collected by interviews, anthropometric measurements and food intake records. Teenagers' adiposity was determined by body mass index and regression analyses was used to verify its relationship with maternal obesity adjusted for gender, age, stage of sexual development, energy intake, physical activity, sedentary lifestyle, birth weight and

  7. Desafios Diagnósticos na Síndrome da Taquicardia Postural Ortostática (POTS em uma Adolescente

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jalles Dantas Lucena

    2017-10-01

    Full Text Available Dificuldades no diagnóstico de Síndrome da Taquicardia Postural Ortostática (POTS numa adolescente de 16 anos, com hipotireoidismo a 10 anos, apresenta sudorese, palidez, calor, taquicardia, fadiga e tontura. Após seis meses, houve recidiva pós-prandial, revertida com manobra de Trendelenburg. Tilt Test demonstrou em decúbito dorsal pressão arterial (PA 106/71mmHg e frequência cardíaca (FC 72bpm. Após terceiro minuto, PA 101/70mmHg e FC 99bpm. Além hipotireoidismo, não detectou-se outros fatores de risco para disautonomia. Propranolol (10mg, 12/12h controlou sintomas. Diagnóstico de POTS é difícil em adolescentes, confundindo com Epilepsia e Síncope Neurocardiogênica. Nesse caso, hipotireoidismo parece ser fator causal da POTS.

  8. Aplicabilidade do mismatch negativity em crianças e adolescentes: uma revisão descritiva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mirtes Bruckmann

    Full Text Available RESUMO O Mismatch Negativity (MMN é um potencial cortical que ocorre em resposta a uma mudança de um estímulo acústico em meio a uma sequência de repetidos estímulos, o que reflete a capacidade do cérebro em discriminar o som de modo passivo, ou seja, sem a necessidade de atenção do indivíduo ao estímulo sonoro. Diante disso, o objetivo deste estudo foi realizar uma revisão descritiva sobre o MMN, a fim de identificar a sua aplicabilidade em crianças e adolescentes nos últimos cinco anos. Para isso, realizou-se uma busca nas bases de dados Lilacs, SciELO, Medline e Pubmed utilizando os seguintes descritores: córtex auditivo, eletrofisiologia, potenciais evocados auditivos e as palavras Mismacth e Negativity. Nesta revisão, foram encontrados 14 estudos que avaliaram crianças e/ou adolescentes com dificuldade de articulação na fala, distúrbio específico de linguagem, transtorno do processamento auditivo, Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH, dislexia, autismo, risco para esquizofrenia, psicose, amusia, fenilcetonúria e atenção seletiva. Foi possível, assim, realizar a revisão descritiva sobre a aplicação do MMN em crianças e adolescentes, concluindo-se que, nos últimos cinco anos, houve uma produção considerável de artigos sobre o tema, embora no Brasil a presença de estudos a esse respeito ainda seja escassa. Nesse sentido, apesar de existir uma variedade de aplicações para o MMN, no que diz respeito à população brasileira, necessita-se ainda de evidências científicas que assegurem o efeito deste potencial nas diferentes faixas etárias. Verificou-se, também, que a busca por estudos sobre MMN nas bases de dados citadas pode ser realizada apenas utilizando as palavras Mismacth e Negativity.

  9. Violência vivenciada pelas adolescentes acolhidas em instituição de abrigamento

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Joana Iabrudi Carinhanha

    2012-01-01

    Full Text Available Teniendo en cuenta que las adolescentes abrigadas pueden tener una opinión diferente sobre el significado de la violencia, hemos tratado de identificar y comprender la experiencia de la violencia desde su perspectiva. La investigación cualitativa realizada a través de entrevistas con once adolescentes acogidas en un albergue municipal en Río de Janeiro, Brasil. En el análisis de sus discursos se ha utilizado la análisis de contenido y lo que salió fue la violencia vivida en los lugares donde circulan las adolescentes: familia, comunidad y abrigo. La comprensión de la violencia por parte de las adolescentes es puntual y bastante concreta. Tienen dificultad para concebir la complejidad del fenómeno, refiriéndose básicamente a la violencia en las familias y comunidad, que son tangibles. Los resultados apuntan a la necesidad de mayor discusión de los procesos de vulnerabilidad/desafiliación vividos por las adolescentes, y también las raíces y las repercusiones de este proceso.

  10. O ser adolescente gestante em transição: um enfoque de cuidar-pesquisar sob a ótica da enfermagem

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ivete Palmira Sanson Zagonel

    2002-08-01

    Full Text Available Este trabalho tem como objeto o significado do ex-sistir feminino na cotidianidade diante da transição da adolescência e gestação. Objetiva compreender o sentido de ser adolescente gestante em transição ex-sistindo, como fenômeno situado, diante da simultaneidade dos eventos vitais, expressos pelos discursos e cuidar do ser adolescente gestante ao mesmo tempo em que desvela o sentido que funda a simultaneidade transicional feminina dos eventos vitais. Foram analisados oito discursos, utilizando a entrevista fenomenológica guiada pela questão norteadora "o que é ser adolescente e gestante em transição ex-sistindo, como fenômeno situado diante da simultaneidade dos eventos vitais, enquanto este ser é cuidado". A análise compreensiva dos depoimentos deu-se à luz da hermenêutica heideggeriana. Permitiu desvelar o ser adolescente gestante em transição, enquanto ser de possibilidades, projeta-se enquanto ser exsistindo, mostra-se surpresa, temerosa, fragilizada, vivência a ambiguidade entre o prazer e o sofrimento, a partir das significações atribuídas às vivências.

  11. Características das gestações de adolescentes internadas em maternidades do estado de São Paulo, 2011

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Helena Prado de Mello Jorge

    Full Text Available OBJETIVO: descrever as características das gestantes adolescentes internadas em hospitais no estado de São Paulo, Brasil. MÉTODOS: estudo transversal realizado em seis maternidades públicas e privadas durante três meses de 2001, com adolescentes gestantes de 10 a 19 anos de idade, mediante entrevistas e consultas aos prontuários e cadernetas de pré-natal. RESULTADOS: foram incluídas 1.448 gestantes adolescentes; houve 71 abortos, 16 natimortos e nove óbitos entre os 1.367 nascidos vivos (0,7%; a maioria das gestantes (79,8% era primigesta, 11,7% referiram ter fumado, 8,8% consumiram álcool e 1,2% informaram uso de drogas ilícitas durante a gestação; a proporção de adolescentes de 10 a 14 anos que iniciaram o pré-natal ao terceiro trimestre (9,3% foi maior do que aquela entre 15 e 19 anos (3,3%. CONCLUSÃO: observou-se elevada prevalência de fatores de risco gestacional entre as adolescentes, como tabagismo, consumo de álcool e início tardio do pré-natal.

  12. AGREGADOS TUBULARES DE RETÍCULO ENDOPLASMÁTICO LISO EM OVÓCITOS HUMANOS E SUA INFLUÊNCIA NAS TAXAS DE FERTILIZAÇÃO E GRAVIDEZ

    OpenAIRE

    Luis, A.; Sá, R.; Oliveira, E.; Oliveira, C.; Silva, J.; Barros, A.; Sousa, M.

    2010-01-01

    O impacto da presença de anomalias morfológicas ovocitárias na fertilização e taxas de gravidez é um tema controverso na literatura. A presença de agregados tubulares de retículo endoplasmático liso (AT-REL) foi associada a taxas de gravidez mais baixas e a maior incidência de complicações obstétricas. A estrutura ultramiscroscópica destes AT-REL não está descrita. Este trabalho teve como objectivos: a) determinar a influência da presença de AT-REL nas taxas de fertilização e gravidez; ...

  13. CARACTERÍSTICAS DA PRÁTICA DE ATIVIDADES FÍSICAS DESPORTIVAS EM PRÉ-ADOLESCENTES EM ARACAJU (Versão original em português

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Iuri Roseno Matos Aragão

    2014-12-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi identificar as características das atividades físicas e / ou de esporte praticadas e de preferência em pré-adolescentes. Este é um estudo transversal, empírico e descritivo. A amostra foi composta de 145 estudantes entre 11-14 anos de idade, homens e mulheres. A idade média foi de 12,72 ± 1,19 anos, 66 do sexo masculino (12,59 ± 1,23 anos e 79 do sexo feminino (12,83 ± 1,16 anos. A amostra foi entre o ano de grau 6 e 9 do Ensino Fundamental. Foi aplicado um questionário de 12 perguntas com questões fechadas e abertas propostas especificamente para este estudo. Os principais resultados indicam que os meninos realizam atividades físicas e / ou de esporte fora da escola há mais tempo, mais dias por semana e horas por dia do que as meninas. A motivação para a prática fora da escola foi por causa de preferências pessoais. Os indivíduos permanecem muito tempo em atividades individuais, como assistir à TV, usar o computador e jogar videogames, em detrimento de atividades coletivas, como brincar com os amigos, estas foram as preferências expressas pelo grupo. A escola é o local preferido para a prática de atividades físicas e / ou de esporte. As preferências dos meninos foram atividades de grupo (futebol e as preferências das meninas atividades individuais (natação. Por isso, todo o mundo quer saber e aprender outros esportes, o que indica potencial para futuras intervenções.

  14. Tratamento de macroprolactinoma com cabergolina em adolescente An adolescent patient with prolactinoma treated with cabergoline

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leila Warszawski

    2011-09-01

    Full Text Available OBJETIVO: Relatar um caso de macroprolactinoma diagnosticado em adolescente e tratado com cabergolina. DESCRIÇÃO DO CASO: Paciente do sexo feminino, 15 anos, iniciou quadro clínico aos dez anos, com cefaleia, obesidade e não havia apresentado menarca ao diagnóstico. A dosagem sérica inicial de prolactina foi de 2492ng/mL (valor de referência: 19-25ng/mL. A ressonância nuclear magnética de crânio evidenciou formação expansiva selar e suprasselar compatível com macroadenoma hipofisário sem compressão do quiasma óptico. Seis meses após o início do tratamento com cabergolina, houve queda significativa dos níveis séricos de prolactina para 87,7ng/mL, com redução de 76% no tamanho da lesão e melhora sintomática. COMENTÁRIOS: A ocorrência dos prolactinomas é rara na infância e na adolescência, mas o seu comportamento pode ser mais agressivo. O diagnóstico precoce e o manejo adequado do caso são importantes para um bom prognóstico.OBJECTIVE: To report a teenager with macroprolactinoma treated with cabergoline. CASE DESCRIPTION: A 15-year old female adolescent reported the onset of headaches and obesity since ten years old. At diagnosis amenorrhea was not present. The serum level of prolactin was initially 2492ng/mL (reference values: 19-25ng/mL. Magnetic resonance images of the skull revealed an expansive sellar and suprasellar pituitary macroadenoma without optical chiasmal compression. Six months after starting treatment with cabergoline, there was a significant decrease of prolactin levels to 87.7 ng/mL, with a 76% reduction in the lesion size and she reported improvement of the symptoms. COMMENTS: In childhood and adolescence, prolactinomas are rare, but when they occur the clinical course is more aggressive. Early diagnosis and proper management of the disease are important for a good prognosis.

  15. Gravidez na adolescência: percepções das mães de gestantes jovens Embarazo en la adolescencia: percepciones de las madres de gestantes jóvenes Adolescent pregnancy: perceptions of mothers of young pregnant women

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Amanda de Oliveira Fernandes

    2012-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Conhecer as experiências e percepções de mães cujas filhas engravidaram durante a adolescência. MÉTODOS: Pesquisa de abordagem qualitativa, realizada em hospital de ensino na cidade de São Paulo, com coleta de dados realizada por meio de roteiro de entrevista semiestruturada e com participação de dez mães de adolescentes. RESULTADOS: Antes da gravidez, as mães orientaram as filhas a respeito da sexualidade, o que originou sentimentos de surpresa quando souberam da gravidez. Apesar disso, as mães fizeram-se presentes em todo o processo gravídicopuerperal. Não foram identificadas mudanças significativas no relacionamento familiar em função da gravidez precoce. CONCLUSÃO: A figura materna surge como representativa, tanto durante como após a gestação da adolescente, fato que propicia o suporte, a fim de que a adolescente tenha gestação mais segura e para que possa retomar seus projetos de vida.OBJETIVO: Conocer las experiencias y percepciones de madres cuyas hijas se embarazaron durante la adolescencia. MÉTODOS: Investigación de abordaje cualitativo, realizado en un hospital de enseñanza en la ciudad de Sao Paulo, con la recolección de datos llevado a cabo por medio de una guia de entrevista semiestructurada y con la participación de diez madres de adolescentes. RESULTADOS: Antes del embarazo, las madres orientaron a sus hijas respecto a la sexualidad, lo que originó sentimientos de sorpresa cuando supieron del embarazo. A pesar de eso, las madres se hicieron presentes en todo el proceso gravídico-puerperal. No fueron identificados cambios significativos en la relación familiar en función del embarazo precoz. CONCLUSIÓN: La figura materna surge como representativa, tanto durante como después de la gestación de la adolescente, hecho que propicia el soporte, a fin de que la adolescente tenga gestación más segura y para que pueda retomar sus proyectos de vida.OBJECTIVE: To identify the experiences and

  16. Sintomas de transtorno alimentar, insatisfação com a imagem corporal e consumo alimentar em meninas adolescentes de Florianópolis, SC

    OpenAIRE

    Souza, Lidiamara Dornelles de

    2012-01-01

    Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Nutrição, Florianópolis, 2012. Objetivo: Investigar a associação entre consumo alimentar, sintomas de risco para transtornos alimentares e insatisfação com a imagem corporal das adolescentes da rede de ensino fundamental e médio de Florianópolis, SC. Métodos: Estudo transversal, com 1052 adolescentes do sexo feminino das redes de ensino pública e privada de Florianópol...

  17. Ideações e tentativas de suicídio em adolescentes com práticas sexuais hetero e homoeróticas

    OpenAIRE

    Teixeira-Filho,Fernando Silva; Rondini,Carina Alexandra

    2012-01-01

    Esta pesquisa, que teve como população-alvo adolescentes com idade entre 12 e 20 anos, residentes em três municípios do interior Paulista, buscou conhecer as associações entre orientação sexual e ideações e tentativas de suicídio. Corroborando com as pesquisas internacionais, evidenciou-se que os não heterossexuais têm mais chances de pensarem e tentarem suicídio, comparativamente aos heterossexuais. Todavia, encontrou-se que, dentre o grupo de adolescentes que se assumiram não heterossexuais...

  18. Autoeficácia e atividade física em adolescentes de Curitiba, Paraná, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carla Adriane de Souza

    2013-10-01

    Full Text Available Este trabalho teve o objetivo de analisar a associação entre atividade física e autoeficácia em adolescentes. Realizou-se um estudo inquérito de base escolar com 1.698 adolescentes de Curitiba, Paraná, Brasil. A atividade física foi avaliada segundo frequência semanal (dias/semana de prática de atividade física de intensidade moderada ou vigorosa. A autoeficácia foi analisada segundo a soma de uma escala composta por dez itens. A associação entre autoeficácia e atividade física foi testada pela regressão de Poisson (p < 0,05, estratificada por sexo. Entre os meninos, apenas elevada autoeficácia foi associada com todas as categorias de atividade física (p < 0,001, enquanto para as meninas níveis moderados e elevados de autoeficácia foram associados com todas as categorias de atividade física (p < 0,001. Conclui-se que a autoeficácia tem associação positiva com atividade física entre adolescentes, no entanto esta relação é mais consistente entre as meninas. Este é um aspecto importante para o delineamento de intervenções para a promoção de atividade física nesse grupo populacional.

  19. Educação em saúde na adolescência: uma experiência acadêmica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    André Luiz Thomaz de Souza

    2017-04-01

    Full Text Available Resumo: Este estudo trata-se de um relato de experiência que objetiva descrever a experiência de acadêmicos de enfermagem na participação em um projeto de extensão voltado para saúde dos adolescentes. O projeto de extensão intitulado “Adolescer Bem” oferecido durante a disciplina de saúde da criança e do adolescente na Universidade José do Rosário Vellano, Alfenas-MG, atuou em conjunto com o Projeto Saúde na Escola, em uma escola pública. Frente às vulnerabilidades nas quais os adolescentes permaneciam expostos, tais como falta de conhecimento quanto às transformações físicas e psicológicas da adolescência; preocupação exacerbada com a imagem corporal; medo em relação ao futuro; bullying entre os pares; dificuldade no relacionamento familiar; formação educacional limitada quanto aos efeitos deletérios do uso de álcool e outras drogas, bem como a respeito das doenças sexualmente transmissíveis, gravidez na adolescência e o uso de métodos contraceptivos, foram realizadas atividades educativas no intuito de promover autonomia de conhecimento nesses adolescentes. As atividades educativas e inovadoras na escola em questão possibilitaram a interação entre os acadêmicos de enfermagem e os adolescentes. Conclui-se que o projeto Adolescer Bem subsidiou uma formação reflexiva na atuação dos autores envolvidos, bem como a educação preventiva junto aos adolescentes. Palavras-chave: Adolescente; Enfermagem; Educação em saúde.

  20. Enfoque humanístico à comunicação em enfermagem: o caso de uma adolescente hospitalizada

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Isabel Amélia Costa Mendes

    2000-03-01

    Full Text Available A enfermagem é uma profissão que milita pela promoção do ser humano, com toda sua liberdade, unicidade e dignidade. Neste sentido, a comunicação reveste-se de um significado essencial tanto no transcorrer do processo de enfermagem, quanto no seu produto, constituindo-se também como um componente fundamental do tratamento. Entretanto, no contexto hospitalar brasileiro, a comunicação do enfermeiro com o paciente tem sido limitada ao cumprimento de seu papel instrumental. A proposta deste estudo é analisar o caso de uma adolescente hospitalizada, enfocando sua comunicação com os enfermeiros que lhes dispensaram cuidados. Esta análise alicerçou-se no paradigma categorial de Bales. Através da técnica de observação direta do comportamento resultante da interação entre os enfermeiros e a adolescente estudada, durante trinta horas distribuídas em cinco dias, foram computadas 428 unidades de interação, as quais foram classificadas em áreas sócio-emocional positiva, negativa e neutra por juizes habilitados para esta atividade. Dado o alto índice de interações na área neutra (89,3%, as autoras recomendam uma correção humanística na comunicação durante o processo de enfermagem, o que poderá contribuir para qualificar o cuidado e redundar em satisfação no trabalho através do exercício da empatia e da solidariedade.

  1. Prática do abortamento entre adolescentes: um estudo em dez escolas de Maceió (AL, Brasil Practice of abortion among teenagers: a study in ten schools of Maceió (AL, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Divanise Suruagy Correia

    2011-05-01

    Full Text Available Trata-se de um estudo de corte transversal, realizado com o objetivo de investigar as razões que levaram adolescentes a provocarem o aborto, relacionando com idade e tipo de escola que frequentavam. A amostra foi calculada considerando o número de internações para curetagem pós-abortamento. Usou-se como instrumento um questionário semiestruturado, anônimo, aplicado em dez escolas, sorteadas dentre todas da cidade de Maceió (Alagoas, pesquisando-se adolescentes dos 12 aos 19 anos, do sexo feminino. Os dados foram analisados pelo Programa Epi Info, usando-se odds ratio e risco relativo para verificar associação entre variáveis e intervalo de confiança a 95%. Em uma amostra de 2.592 jovens, 559 (21,6% tinham vida sexual ativa, 182 (7,0% referiram ter engravidado e 149 (26,7% abortado. Medo da reação dos pais, idade, falta de apoio do companheiro e rejeição da gravidez foram razões para provocar o aborto, sendo medo a mais citada, em ambos os tipos de escola. O aborto foi mais citado nas escolas públicas, sendo significativo e protetor o risco para abortar antes dos 15 anos, e significativa a relação entre abortar e estudar em escolas públicas. O medo da reação dos pais como razão mais frequente sugere a necessidade de novos estudos sobre sexualidade e comunicação entre pais e filhos.This is a cross-cut study that was carried out with the objective of investigating the causes through which adolescents have provoked abortion, relating it to age and the type of school attended. The sample was calculated by taking into account the number of hospital admissions for post-abortion curettage. A semi-structured and anonymous questionnaire was used as a research instrument which was applied in ten schools randomly chosen among all schools, of Maceió (Alagoas, Brazil, to reach 12-19 years old female teenagers. The data were assessed by the Epi Info Program making use of odds ratio and a relative risk to verify any association among

  2. Prevalência e fatores de risco para tabagismo em adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maura C Malcon

    2003-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: O tabagismo é uma das principais causas de enfermidades evitáveis e incapacidades prematuras. Nesse sentido, realizou-se estudo com o objetivo de medir a prevalência e estudar fatores de risco associados ao tabagismo nos adolescentes. MÉTODOS: A partir de um delineamento transversal de base populacional, estudou-se uma amostra representativa de 1.187 adolescentes de 10 a 19 anos, da zona urbana de Pelotas, sul do Brasil. Todos os adolescentes da amostra, de cada domicílio, foram entrevistados por meio de questionário pré-codificado, individual e confidencial. Utilizou-se o teste de Kaplan-Meier para análise da curva de sobrevida. RESULTADOS: A prevalência de tabagismo na amostra foi de 12,1% (IC95% 10,3%-14%. As prevalências foram similares para os sexos femininos e masculinos. Os fatores de risco para tabagismo na análise multivariada, por regressão logística, foram: maior idade, odds ratio (OR de 28,7 (11,5-71,4, irmãos mais velhos fumantes, OR de 2,4 (1,5-3,8, três ou mais amigos fumantes, OR de 17,5 (8,8-34,8 e baixa escolaridade OR de 3,5 (1,5-8,0. CONCLUSÕES: A prevalência de tabagismo na adolescência mostrou-se alta, na cidade de Pelotas. Campanhas antitabágicas devem ser direcionadas à comunidade e à família tendo o adolescente como alvo. Medidas legais adotadas pelo governo são importantes para impedir o acesso dos adolescentes ao cigarro.

  3. Prevalência e fatores de risco para tabagismo em adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Malcon Maura C

    2003-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: O tabagismo é uma das principais causas de enfermidades evitáveis e incapacidades prematuras. Nesse sentido, realizou-se estudo com o objetivo de medir a prevalência e estudar fatores de risco associados ao tabagismo nos adolescentes. MÉTODOS: A partir de um delineamento transversal de base populacional, estudou-se uma amostra representativa de 1.187 adolescentes de 10 a 19 anos, da zona urbana de Pelotas, sul do Brasil. Todos os adolescentes da amostra, de cada domicílio, foram entrevistados por meio de questionário pré-codificado, individual e confidencial. Utilizou-se o teste de Kaplan-Meier para análise da curva de sobrevida. RESULTADOS: A prevalência de tabagismo na amostra foi de 12,1% (IC95% 10,3%-14%. As prevalências foram similares para os sexos femininos e masculinos. Os fatores de risco para tabagismo na análise multivariada, por regressão logística, foram: maior idade, odds ratio (OR de 28,7 (11,5-71,4, irmãos mais velhos fumantes, OR de 2,4 (1,5-3,8, três ou mais amigos fumantes, OR de 17,5 (8,8-34,8 e baixa escolaridade OR de 3,5 (1,5-8,0. CONCLUSÕES: A prevalência de tabagismo na adolescência mostrou-se alta, na cidade de Pelotas. Campanhas antitabágicas devem ser direcionadas à comunidade e à família tendo o adolescente como alvo. Medidas legais adotadas pelo governo são importantes para impedir o acesso dos adolescentes ao cigarro.

  4. Planejamento familiar: o que os adolescentes sabem sobre este assunto? - doi:10.5020/18061230.2006.p125

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Paula Alexandre Bié

    2012-01-01

    Full Text Available A gravidez na adolescência ocorre quase sempre de modo inesperado, podendo estar relacionada à desinformação sobre o uso dos métodos anticoncepcionais. Este estudo objetiva identificar o conhecimento de adolescentes sobre planejamento familiar e métodos contraceptivos; descrever as fontes de informações sobre o assunto e verificar os benefícios da educação sexual com adolescentes. Trata-se de uma pesquisa descritiva de abordagem qualitativa, realizada de março a abril de 2005, com dez adolescentes de uma escola municipal, em Itatira – CE. A coleta de dados deu-se através de entrevista semi-estruturada e entrevista grupal. Os dados foram analisados através da técnica de análise de conteúdo. O grupo foi composto por dez adolescentes na faixa etária de 14 a 19 anos. As categorias obtidas foram: conhecendo meu corpo e compreendendo minha sexualidade; planejar é preciso; sexo seguro e responsável e conhecer para se cuidar. Os adolescentes disseram que o planejamento familiar é um tema que deve ser introduzido na família através do diálogo, fazendo parte da educação dos filhos. Demonstraram pouco conhecimento sobre as especificidades dos diferentes tipos de contraceptivos, sendo o preservativo masculino o mais conhecido e mais eficaz. As formas de obtenção de informações sobre os anticoncepcionais assinaladas pelos adolescentes foram: a televisão, as revistas e os próprios amigos. As atividades grupais ampliaram o conhecimento dos jovens. Reforça-se a necessidade de expandir a educação sexual para os jovens, livre de atitudes preconceituosas.

  5. Fatores associados ao declínio do déficit estatural em crianças e adolescentes em Pernambuco

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vanessa Sá Leal

    2012-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar a evolução do déficit estatural em crianças e adolescentes e identificar seus fatores associados. MÉTODOS: Estudo transversal, com dados das Pesquisas Estaduais de Saúde e Nutrição realizadas em Pernambuco nos anos de 1997 e 2006. A amostra do tipo probabilística (aleatória estratificada, com representatividade para os estratos urbanos e rurais do estado. Para a coleta de dados foram utilizados questionários com perguntas pré-codificadas referentes a informações sobre as variáveis socioeconômicas, demográficas e antropométricas (das mães, crianças e adolescentes. A população estudada foi de, respectivamente, 1.853 e 1.484 crianças e adolescentes de cinco a 19 anos. A análise de regressão múltipla com seleção hierarquizada foi utilizada para avaliar a associação das variáveis explanatórias sobre o déficit estatural. RESULTADOS: A prevalência do déficit de estatura apresentou redução significante de 43% (de 16,9% em 1997 para 9,6% em 2006. As variáveis socioeconômicas e a estatura materna estiveram associadas a este declínio, com reduções variando de 39% a 60% entre os estratos analisados. Na análise dos determinantes do déficit estatural, no ano de 2006, permaneceram como significantes: a renda familiar per capita (<0,25 salário mínimo, a posse de bens domésticos (< três, o maior número de pessoas por domicílio, a menor escolaridade e menor estatura materna. CONCLUSÕES: A redução do déficit de estatura refletiu a melhoria nas condições sociais e econômicas. Entretanto, permanecem necessários a manutenção e incremento de políticas públicas, de modo a aumentar o poder aquisitivo dos mais pobres e universalizar o acesso da população a serviços de saúde e educação.

  6. Peso medido, peso percebido e fatores associados em adolescentes Measured weight, self-perceived weight, and associated factors in adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cora L. Araújo

    2010-05-01

    Full Text Available OBJETIVO: Comparar a autopercepção corporal e o estado nutricional objetivamente medido por meio de peso, altura e pregas cutâneas em adolescentes e avaliar os fatores associados à discordância entre essas duas medidas. MÉTODOS: A amostra incluiu os membros da coorte de nascimentos de 1993 na Cidade de Pelotas, Estado do Rio Grande do Sul, Brasil, que foram visitados em seus domicílios em 2004 e 2005. O desfecho em estudo resultou da comparação entre o estado nutricional e a percepção que os adolescentes tinham de seu peso corporal, sendo dividido em três categorias: subestimação, concordância e superestimação. As variáveis explanatórias foram sexo, cor da pele, índice de bens, sedentarismo, dieta inadequada, discriminação, regime para emagrecimento e sentimento de bem-estar e opinião do adolescente sobre como os pais percebiam o corpo desse adolescente. Para as análises estatísticas, empregou-se regressão logística multinomial. RESULTADOS: Foram entrevistados 4 452 indivíduos (87,5% da coorte original. A média de idade foi de 11 anos. De acordo com o estado nutricional, 7,1% foram classificados como magros, 69,8% como eutróficos, 11,6% com sobrepeso e 11,6% com obesidade. Com relação ao peso percebido, 19% dos jovens se achavam magros ou muito magros, 56% se sentiam normais quanto ao peso e 25% se consideravam gordos ou muito gordos. A concordância global entre a autopercepção corporal do adolescente e seu estado nutricional foi de 65% (kappa = 0,36. A subestimação foi de 24,9% entre meninos vs. 20,3% entre meninas. A superestimação foi de 15,8 % entre meninas vs. 8,5% entre meninos. CONCLUSÃO: Houve tendência de as meninas superestimarem o seu peso corporal e de os meninos subestimarem o mesmo. Detectou-se também forte associação entre a opinião que os adolescentes acreditam que os pais têm de si e a autopercepção de estado nutricional dos adolescentes.OBJECTIVE: To compare weight self

  7. A representação da função paterna para instituições de auxílio a adolescentes em conflito com a lei

    OpenAIRE

    Silva,Ricardo Alves da; Araújo,Sandra Maria Baccara

    2013-01-01

    No presente artigo articula-se a importância da função paterna para o desenvolvimento da criança e do adolescente e como a falta dessa função faz o jovem buscar alguém que a exerça. Muitas vezes, durante essa busca, os adolescentes cometem atos infracionais que os levam a entrar em conflito com a lei e, consequentemente, entrar em contato com os atores da justiça, que podem representar os limites que esses adolescentes procuraram. A metodologia adotada é a epistemologia qualitativa, que enfoc...

  8. Vivências da sexualidade durante a gravidez

    OpenAIRE

    Cruz, Maria Diana Fernandes da

    2012-01-01

    Trabalho apresentado à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de Licenciada em Enfermagem Sumário Durante o período de gravidez, existem uma série de mudanças biológicas, psicológicas, culturais e sociais, estas podem ter influência na vivência da sexualidade. A vivência da sexualidade durante esta fase pode ser entendida de diversas formas pela gestante, muitas vezes pode ser um factor importante para a satisfação das necessidades acrescidas d...

  9. Histoarquitetura, função endócrina e taxa de gravidez após auto-implante ovariano ortotópico íntegro e fatiado em coelha

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Petroianu Andy

    2004-01-01

    Full Text Available OBJETIVOS: verificar a possibilidade de gestação natural em coelha, após ooforectomia total bilateral e auto-implante ovariano ortotópico (íntegro e fatiado, sem pedículo vascular e avaliar os aspectos morfofuncionais dos ovários reimplantados. MÉTODOS: foram utilizadas trinta e duas coelhas da raça Nova Zelândia Branca. No grupo controle (GC (n=8 foi realizada apenas laparotomia e laparorrafia. No grupo RI (n=8, reimplantou-se o ovário na forma íntegra. No grupo RF (n=8, reimplantou-se o ovário na forma fatiada e, no grupo RIF (n=8, reimplantou-se, de um lado, o ovário íntegro e, do outro lado, fatiado. A partir do terceiro mês pós-operatório, cada coelha foi colocada em gaiola junto com um macho fértil, para cópula. Dosou-se o estradiol, a progesterona, o hormônio folículo-estimulante e o hormônio luteinizante de cada animal no nono mês pós-operatório. Foram estudadas as morfologias macro e microscópica dos ovários, tubas e útero, de todos os animais. O número de gestações e de filhotes nascidos em cada grupo foi avaliado por meio do teste chi² e as dosagens hormonais foram comparadas pelo teste t de Student, considerando p<0,05 como significância. RESULTADOS: todas as coelhas do GC engravidaram, entre o segundo e terceiro meses após início da cópula, com número de filhotes variando entre 6 e 10 animais. Nos demais grupos, as gestações ocorreram entre o quinto e o oitavo mês pós-operatório. A porcentagem de gravidez observada foi de 37,5% no grupo RI e 50% nos grupos RF e RIF. Não houve diferença entre os números de filhotes dos grupos com ovários reimplantados, que foi de 1 a 4 animais. Os níveis hormonais e o estudo morfofuncional dos ovários, tubas e úteros não apresentaram diferenças entre os grupos. CONCLUSÕES: o auto-implante ovariano ortotópico em coelhas, na forma íntegra ou fatiada, sem pedículo vascular, é viável, além de preservar as funções hormonais e a fertilidade.

  10. Efeito do treinamento de força nas variáveis cardiovasculares em adolescentes com sobrepeso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João Marcelo de Queiroz Miranda

    2014-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: O presente estudo teve por objetivo avaliar as respostas agudas cardiorrespiratórias e autonômicas induzidas por uma sessão de exercício físico resistido em adolescentes com sobrepeso. MÉTODOS: Foram avaliados 17 adolescentes do sexo masculino divididos em grupo controle (GC, n=9 e grupo sobrepeso (GSO, n=7. Todos foram submetidos a uma sessão exercícios resistidos para diferentes grupos musculares, realizados com sobrecarga de 60% da força máxima, com um intervalo de 45 segundos entre as séries e 90 segundos entre cada exercício. Antes, durante e após a sessão de exercícios os seguintes parâmetros foram avaliados: frequência cardíaca (FC, pressão arterial sistólica (PAS, pressão arterial diastólica (PAD e variabilidade da frequência cardíaca (VFC. RESULTADOS: Foi observado comportamento semelhante em ambos os grupos da PAS e PAD. A PAS aumentou durante o exercício e a PAD diminuiu. Ambas retornaram aos valores basais durante a recuperação. A FC aumentou durante a sessão de exercício nos dois grupos, porém, apenas no GSO houve retorno aos valores de repouso. Os índices da VFC no domínio do tempo (VAR RR e RMSSD se comportaram de maneira semelhante frente ao exercício nos dois grupos, porém, no índice SDNN apenas o GSO retornou aos valores de repouso. A VFC no domínio da frequência apresentou comportamento semelhante em ambos os grupos. CONCLUSÕES: sugere-se que o aumento do nível de atividade física em indivíduos com sobrepeso pode prevenir as alterações autonômicas que estão associadas ao aumento do peso corporal e conferir efeito protetor ao sistema cardiovascular.

  11. A visão da mulher na antropologia: mitos da criação e crenças em relação à gravidez

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aldora Monteiro

    2016-02-01

    Full Text Available Muitos são os mitos que fazem parte das nossas vidas, da nossa forma de estar,  e pensar e de agir, e, nos influenciam de forma mais ou menos marcada, dependendo do modo como são assumidos e interiorizados na cultura de onde provêm os nossos valores e referencias, pois eles fazem parte integrante desse padrão cultural.  Para Mircea Eliade “ o mito conta uma história sagrada; relata um acontecimento que teve lugar num tempo primordial, o tempo fabuloso dos começos. (…, conta como graças aos feitos dos seres sobrenaturais, uma realidade veio à existência (…. O mito é então um elemento essencial da civilização humana; longe de ser apenas uma vã fabulação, é pelo contrário uma realidade viva, à qual não cessamos de recorrer, não uma teoria abstracta ou um desenrolar de imagens, mas uma verdadeira codificação da religião primitiva e da sabedoria prática.  Também a criação do homem, emerge de histórias mitológicas diversas relatadas e mantidas ao longo dos séculos em escritos longos, que ainda hoje prevalecem e sobressaem. Pretendemos ao longo deste trabalho fazer algumas abordagens dos mitos da criação do homem, relacionando-os com a ideologia ainda actual, que a mulher é um ser submisso ou inferior ao homem, e relacionar o facto com o/os mitos que sustentam esta forma de olhar a mulher. Os mitos e crenças relacionadas com a gravidez são também alvo de uma abordagem breve neste trabalho.

  12. Being the mother of a pregnant adolescent: experiences and expectations Ser madre de adolescente embarazada: vivencia y expectativas Ser mãe de adolescente grávida: vivência e expectativas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sebastião Caldeira

    2012-01-01

    efectividad del cuidado a ese binomio, disminuyendo así la distancia entre las demandas presentadas y la práctica de los profesionales de salud.OBJETIVO: Compreender o típico da ação da mãe diante da gravidez da filha adolescente. MÉTODOS: Pesquisa de abordagem qualitativa, fundamentada no referencial teórico-metodológico da fenomenologia social de Alfred Schütz. Os dados foram coletados, em 2009, e os sujeitos foram nove mães de adolescentes primigestas. RESULTADOS: A mãe de adolescente grávida é tipificada como aquela que reage com surpresa e decepção à notícia da gravidez e que, posteriormente, se conforma com a nova realidade. Ao refletir sobre sua própria experiência de mãe na adolescência, tem expectativas de apoiar a filha na gestação e oferecer-lhe suporte, para que o curso de sua vida não seja prejudicado em decorrência da gravidez. CONCLUSÃO: Considerando a vivência e as expectativas da mãe de adolescente grávida, este estudo pôde conferir subsídios ao planejamento e efetivação do cuidado a esse binômio, diminuindo a distância entre as demandas por ele apresentadas e a prática dos profissionais de saúde.

  13. Varicocele e volume testicular em adolescentes e adultos jovens portadores de esquistossomose hepatoesplênica cirúrgica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Brandt Frederico Teixeira

    2003-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar o volume testicular e a prevalência de varicocele em adolescentes e adultos jovens portadores de esquistossomose na forma hepatoesplênica associada a varizes sangrentas de esôfago. MÉTODOS: O estudo envolveu 22 adolescentes masculinos com esquistossomose na forma descrita, submetidos à esplenectomia, ligadura da veia gástrica esquerda e auto-implante de tecido esplênico no grande omento quando crianças. O tempo médio de seguimento foi de 4 anos após a intervenção. O grupo de voluntários sadios foi de adolescentes de uma escola na mesma região onde os casos operados viviam. Eles foram selecionados de forma randomizada, considerando a faixa de idade, características epidemiológicas e não serem infestados por equistossomose. Todos os participantes possuíam história clínica completa e foram submetidos a exame físico e ultra-sonográfico. Foi dado atenção especial as características sexuais, ultra-sonografia testicular e dopplerfluxometria das veias espermáticas. RESULTADOS: Dos pacientes classificados como adultos pela idade cronológica, 53,8% tinham genitais com características infantis. A incidência de varicocele foi igual a 61,5% no grupo afetado e 40% no grupo controle, sem diferença estatística entre os grupos (x 2 =1,77; g.1.=1; p=0,18 3 p Fisher=0,16, acometendo predominantemente o testículo esquerdo, em ambos os grupos. CONCLUSÃO: Pacientes com doença esquistossomótica cirúrgica tinham significante déficit no desenvolvimento puberal e genital, no volume testicular, especialmente do lado esquerdo, e alta prevalência de varicocele (61.5% sem uma associação direta com atrofia testicular.

  14. O que é comportamento de risco para transtornos alimentares em adolescentes? What is adolescents' eating disorder risk behavior?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Greisse Viero da Silva Leal

    2013-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Caracterizar comportamento de risco para transtornos alimentares (TA e sua frequência entre adolescentes em uma revisão da literatura nacional e internacional. MÉTODOS: Foi realizada uma busca bibliográfica por meio de uma revisão integrativa nas bases de dados PubMed (US National Library of Medicinee Lilacs e no portal SciELO,utilizando-se os descritores relacionados à "eating disorder risk behavior". Foram selecionados artigos publicados nos últimos 10 anos, nos idiomas português, espanhol e inglês, e especificamente com adolescentes. Foram avaliados 76 artigos e analisados a nomenclatura e os instrumentos utilizados para avaliar comportamento de risco para TA e sua prevalência. RESULTADOS: Encontrou-se uma série de termos para avaliar risco para TA. A metodologia mais utilizada foi a de questionários e escalas, destacando-se o EAT-26 ou 40 e o BITE, dentre os mais frequentes; a prevalência de risco variou de 0,24% a 58,4%. CONCLUSÃO: Diferentes nomenclaturas e instrumentos são utilizados para avaliar comportamento de risco para TA entre adolescentes, com grande amplitude nos resultados de prevalência. Maior padronização de termos e metodologia de avaliação permitiriam melhor comparação entre estudos epidemiológicos em diferentes localidades.OBJECTIVE: To characterize eating disorder (ED risk behavior and its prevalence among adolescents in a review of national and international literature. METHODS: We carried out an integrative review on PubMed (U.S. National Library of Medicine, Lilacs and SciELO, using descriptors related to "eating disorder risk behavior". Articles published in the last 10 years, in Portuguese, Spanish and English, and specifically with adolescents were selected. The nomenclature and instruments used to assess eating disorder risk behaviors and its frequency were evaluated and analyzed in 76 articles. RESULTS: Several terms to assess ED risk behavior were found; questionnaires and scales

  15. Prevalência da asma e da rinite em adolescentes de 13 anos do Porto, Portugal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Helena Falcão

    2008-11-01

    Full Text Available Resumo: Introdução: As prevalências da asma e rinite têm aumentado nas últimas décadas, mas nos últimos anos tem sido referida a sua estabilização ou mesmo diminuição.Objectivo: O objectivo foi o de descrever a prevalência de rinite, asma ou sintomas do tipo da asma em adolescentes urbanos de 13 anos.Métodos: Os participantes elegíveis foram todos os alunos das escolas públicas e privadas do Porto, nascidos em 1990; 2161 (77,5% concordaram em participar. Através de questionários autoaplicados, a informação recolhida contemplou aspectos sociais, demográficos, comportamentais, história clínica de asma e doenças alérgicas do adolescente e família. Foi usada a versão portuguesa do International Study of Asthma and Allergies in Childhood’s (ISAAC e foram efectuadas espirometrias.Resultados: Nesta amostra de adolescentes urbanos de 13 anos, a prevalência da asma durante a vida foi de 12,9%, 84,4% com diagnóstico médico. A pieira durante a vida foi 18,3% e no último ano de 9,3%. A rinite foi relatada por 10,1%, mas a prevalência durante a vida de adolescentes com espirros, rinorreia serosa ou obstrução nasal, foi de 32,0%, e no último ano de 27,4%.Conclusão: Verificou-se uma estabilização ou mesmo diminuição da prevalência dos sintomas e diagnóstico de asma e rinite nos adolescentes do Porto, quando comparada com os resultados do ISAAC em 2002, tal como noutras investigações na Europa. A asma e a rinite estão frequentemente presentes no mesmo doente e a tosse nocturna é um importante sintoma que surge associado aos sintomas nasais. A função pulmonar permitiu discriminar os adolescentes com queixas respiratórias.Rev Port Pneumol 2008; XIV (6: 747-768 Abstract: Background: The prevalence of asthma and rhinitis has been increasing over the past few decades, but the last few years have seen these rates

  16. Atitudes e comportamentos de adolescentes em relação à ingestão de bebidas alcoólicas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sílvio Éder Dias da Silva

    2011-10-01

    Full Text Available Pesquisa descritiva qualitativa que teve como objetivo analisar as atitudes dos adolescentes diante da ingestão de bebidas alcoólicas. Foram realizadas entrevistas com 40 adolescentes vinculados a uma instituição de apoio no Pará. A análise de conteúdo temático levou à seguinte categoria: atitudes e comportamentos em relação à ingestão de bebidas alcoólicas. O consumo da bebida alcoólica está associado a diversão, mas também significa um modo de não pensar nos problemas. Os adolescentes utilizaram outros tipos de drogas em alguns momentos, porém o uso do álcool é unanimidade. Concluiu-se que, para o adolescente, o álcool favorece a socialização e o prazer e que isso pode levar ao uso abusivo e contato com drogas ilícitas, como a maconha, a cocaína e o tíner.

  17. Desempenho de pontos de corte do índice de massa corporal de diferentes referências na predição de gordura corporal em adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Carolina Reiff e Vieira

    Full Text Available Avaliamos a acurácia de pontos de corte do Índice de Massa Corporal (IMC para identificar adolescentes com sobrepeso, comparando com percentual de gordura corporal, estimado pela bioimpedância elétrica, em uma amostra probabilística de 610 adolescentes de 12 a 19 anos (222 meninos e 388 meninas, estudantes de escolas públicas de Niterói, Rio de Janeiro, Brasil. A curva ROC foi utilizada para avaliar a sensibilidade e especificidade de pontos de corte de IMC de uma referência nacional, duas norte-americanas e uma internacional. Os pontos de corte da amostra estudada foram inferiores aos das demais referências, com sensibilidade de 76% a 95% e especificidade de 75% a 95%. Os pontos de corte nacionais foram também mais sensíveis (53% a 100%, se comparados às outras referências (40% a 86%. O critério internacional apresentou melhor sensibilidade para adolescentes mais velhos e as referências americanas, para os mais jovens. O IMC foi um bom proxy de adiposidade, mas o uso de pontos de corte de referências de outras populações merece cautela, pois pode gerar erro na classificação de adolescente com sobrepeso em até 60%.

  18. GRUPO COMO DISPOSITIVO SOCIOEDUCATIVO: PESQUISA-INTERVENÇÃO COM ADOLESCENTES EM CUMPRIMENTO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO À COMUNIDADE

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Dayane Silva Rodrigues

    2018-01-01

    Full Text Available Este artigo apresenta discussões oriundas de uma tese de doutorado, que problematizou especificidades, princípios e estratégias para a utilização de metodologias grupais como dispositivos de atuação no atendimento a adolescentes que cumprem medidas socioeducativas em meio aberto. O estudo foi construído por meio de uma pesquisa-intervenção com onze adolescentes em cumprimento da medida socioeducativa de Prestação de Serviço à Comunidade, vinculados a uma unidade de atendimento do Distrito Federal. O artigo apresenta um recorte dos resultados da tese, evidenciando análises relativas às significações produzidas com os adolescentes sobre o conceito de trabalho, inerente à medida socioeducativa de prestação de serviço à comunidade. Sob o prisma da Psicologia Histórico-Cultural (L. S. Vigotski, da perspectiva do dialogismo (M. Bakthin e da problematização do conceito de grupo-dispositivo (R. B. Barros, são analisados os processos de negociação para a realização uma atividade colaborativa e comunitária com adolescentes. Na sequência, são abordados aspectos relativos aos movimentos do processo grupal, permeado por devires e ressignificações. Por fim, discute-se o conceito de grupo como dispositivo socioeducativo que pode ser tomado na execução de medidas socioeducativas, com vistas a ampliar as ferramentas de atendimento aos adolescentes e contribuir para o aprofundamento da base teórico-metodológica das práticas em socioeducação.

  19. DIAGNÓSTICOS DE ENFERMAGEM EM ADOLESCENTES COM EXCESSO DE PESO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Raphaela Santos do Nascimento Rodrigues

    2013-01-01

    Full Text Available El objetivo fue identificar los diagnósticos de enfermería en adolescentes de escuelas públicas con exceso de peso, de acuerdo con la Clasificación Internacional de la Práctica de Enfermería. Estudio transversal de población, investigó socio-demográficos, conductuales y psicológicos de adolescentes de 10 a 14 años. Se establecieron 11 diagnósticos de enfermería: "Riesgo para la Obesidad", "Riesgos de desarrollo adolescente comprometida", "Riesgo de inseguridad en el rendimiento papel de los padres”, "Riesgo para la capacidad de la familia para gestionar el régimen dietético comprometido", "Riesgo de capacidad para gestionar el régimen dietético comprometido", "Riesgo de Déficit de conocimientos sobre la dieta", "Riesgo de ingesta excesiva de alimentos", "Imagen negativa de sí", "Riesgo para la autoestima", "Riesgo Bienestar comprometida", "Estándar ejercicio comprometido". Reflejo de la naturaleza multifactorial de la obesidad, destacando la necesidad de interdisciplinaria e intersectorial de prevención y control de sobrepeso.

  20. Prática de atividade física em adolescentes brasileiros Physical activity practice among brazilian adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pedro Curi Hallal

    2010-10-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo é descrever a prática de atividade física em adolescentes, utilizando dados da Pesquisa Nacional de Saúde do Escolar (PeNSE, coletados em todas as capitais do Brasil e no Distrito Federal em 2009. A amostra incluiu escolares do 9º ano do ensino fundamental (n=60.973. Foram investigadas a prática de atividade física nos últimos sete dias, incluindo modo de deslocamento para a escola, prática de atividade física dentro e fora da escola e participação nas aulas de educação física. Consideraram-se ativos os jovens que acumularam > 300 min/sem de atividade física. A proporção de ativos foi de 43,1%, sendo maior nos meninos (56,2% em comparação às meninas (31,3%. Metade dos adolescentes (49,2% relatou ter tido duas ou mais aulas de educação física na semana anterior à entrevista; 79,2% relataram assistir a duas horas diárias de televisão ou mais. Os dados do PeNSE indicam baixa prevalência de jovens ativos e com duas ou mais aulas de educação física por semana, além de elevada prevalência de comportamento sedentário. Tais dados podem ser utilizados como linha de base para o monitoramento de atividade física em escolares brasileiros, mas desde já sugerem a necessidade de intervenções para a promoção de atividade física em adolescentes brasileiros.The aim of this study is to describe physical activity practice among Brazilian adolescents by using data from the National Adolescent School-based Health Survey (PeNSE collected in all state capitals and the Federal District in 2009. The sample included students of the ninth year (n=60,973. It was investigated the physical activity practice seven days prior to the interview, including transportation mode, physical activity practice inside and outside the school and participation in Physical Education classes. Adolescents were classified as active if performing > 300 min/wk of physical activity. The proportion of active adolescents was 43

  1. Gravidez na adolescência como fator de risco para baixo peso ao nascer no Município do Rio de Janeiro, 1996 a 1998 The pregnancy during adolescence as a risk factor for low birth weight, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Silvana Granado Nogueira da Gama

    2001-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Observar a evolução das taxas de fecundidade e identificar o papel da gravidez na adolescência como fator de risco para o baixo peso ao nascer (BPN. MÉTODOS: Em uma amostra de nascimentos provenientes do Sistema de Informações sobre Nascidos Vivos (SINASC/RJ, entre 1996 e 1998, os fatores determinantes do BPN foram analisados em dois grupos de mães, de 15 a 19 anos e de 20 a 24 anos. Foram estimadas as associações entre as variáveis pela razão dos produtos cruzados -- Odds Ratio (OR e respectivos intervalos de confiança. Utilizaram-se também procedimentos de regressão logística. RESULTADOS: O BPN foi significativamente maior entre o grupo de mães adolescentes do que no grupo de 20-24 anos. O pré-natal não foi realizado em 13% das adolescentes, enquanto 10% do outro grupo não tiveram atendimento. Quando realizado o pré-natal, as adolescentes tiveram menos consultas. No grupo de adolescentes, o percentual de prematuros foi significativamente maior que no outro grupo. Foram observadas diferenças por tipo de maternidade (públicas/privadas, com predomínio de uso das públicas pelas adolescentes. A análise de regressão logística mostrou que existe um efeito da idade materna na explicação do BPN, mesmo quando controlado por outras variáveis CONCLUSÕES: Os achados sugerem que investigações sobre os mecanismos explicativos da associação entre o BPN e a gravidez na adolescência devem ser realizadas, abrangendo fatores socioculturais como pobreza e marginalidade social, assim como os de natureza biológica e de alimentação na gravidez.OBJECTIVE: To identify the role of pregnancy during adolescence as a risk factor to low birth weight (LBW. METHODS: A stratified sample of live births from the Information System of Live Births in the municipality of Rio de Janeiro, in the period 1996-98, was selected. The risk factors of LBW were analyzed for the two strata composed by the mother age, 15-19 and 20-24 years old

  2. Assertividade e tempo de permanencia de cateteres intravenosos perifericos com insercao guiada por ultrassonografia em criancas e adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ariane Ferreira Machado Avelar

    2013-06-01

    Full Text Available Estudo randômico e controlado que objetivou verificar se a ultrassonografia vascular (USV aumenta a assertividade na utilização do cateter intravenoso periférico e o tempo de permanência do cateter quando comparado ao método tradicional de punção. A coleta de dados ocorreu após aprovação do mérito ético, incluindo-se no estudo crianças e adolescentes submetidos a punção intravenosa periférica guiada pela USV, constituindo o grupo USV (GUSV, ou após avaliação clínica da rede venosa, denominado grupo controle (GC. Os valores de p<0,05 foram considerados significativos. A amostra foi constituída por 382 punções, 188 (49,2% no GUSV e 194 (50,8% no GC, realizadas em 335 crianças. Identificou-se assertividade em 73 (71,6% cateteres do GUSV e em 84 (71,8% do GC (p=0,970. O tempo de permanência do cateter apresentou mediana inferior a um dia nos dois grupos (p=0,121, não havendo diferença estatisticamente significativa. Concluindo-se que a USV não influenciou os resultados das variáveis dependentes investigadas. ClinicalTrials.govNCT00930254.

  3. Violência contra crianças/adolescentes em sofrimento psíquico e cuidado de enfermagem: reflexões da fenomenologia social

    OpenAIRE

    Freitas, Rodrigo Jácob Moreira de; Moura, Natana Abreu de; Monteiro, Ana Ruth Macêdo

    2016-01-01

    RESUMO Objetivo : Refletir sobre a violência contra crianças e adolescentes em sofrimento psíquico e o cuidado de enfermagem a partir da fenomenologia social. Métodos : Estudo teórico fundamentada nas concepções de Alfred Schütz. Resultados : O sujeito em sofrimento psíquico apresenta conflitos nas relações familiares, estando imerso em uma situação biográfica que retira sua autonomia, contribuindo para que aconteça ações violentas. Trata-se de um fenômeno social expresso por meio das rela...

  4. Procrastinação académica a Matemática em alunos de Maputo: Estudos com adolescentes

    OpenAIRE

    Fulano, Celso Simão

    2017-01-01

    Tese de Doutoramento em Psicologia Aplicada A presente tese pretende contribuir para a literatura no domínio da procrastinação académica, analisando algumas variáveis que ajudam a explicar a procrastinação académica em matemática. Pretendemos explorar a perspetiva dos adolescentes moçambicanos em aspetos tais como: tarefas nas quais os alunos procrastinam com frequência, os antecedentes da procrastinação e as consequências da procrastinação académica percebidas pelos alunos. Al...

  5. Caracterização da saúde mental em crianças e adolescentes em acolhimento institucional = Mental health characterization in institutionalized children and adolescents = Caracterización de la salud mental en niños y adolescentes institucionalizados

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Calcing, Jordana

    2014-01-01

    Full Text Available Este estudo teve como objetivo identificar as experiências de vida traumáticas e a prevalência de problemas de comportamento em crianças e adolescentes em situação de acolhimento institucional. O grupo investigado foi constituído por 41 crianças e adolescentes de ambos os sexos, com idade de 7 a 18 anos, provenientes de cinco casas de acolhimento localizadas na região norte do estado do Rio Grande do Sul. Para a obtenção dos dados, utilizaram-se os instrumentos: Inventário de Eventos Estressores na Infância e Adolescência (IEEIA, Inventário de Depressão Infantil (CDI, e o Child Behavior Checklist (CBCL. Os dados apontaram para a presença de problemas de comportamento em um número significativo de crianças e adolescentes, tendo em vista suas histórias de vida marcadas por eventos traumáticos. Considerando esses dados, destaca-se a importância de instituir políticas públicas que contemplem as necessidades de crianças e adolescentes institucionalizados, a fim de que seus direitos sejam garantidos

  6. Personalidade psicopática em uma amostra de adolescentes infratores brasileiros Psychopathy personality in a sample of young Brazilian offenders

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ricardo Schmitt

    2006-01-01

    Full Text Available CONTEXTO: Evidências apontam que adolescentes infratores graves (autores de homicídio, estupro e latrocínio possuem personalidade psicopática e risco aumentado de reincidência criminal, mas não apresentam maior prevalência de história de abuso na infância do que outros adolescentes infratores. OBJETIVO: Comparar a psicopatia, a reincidência criminal e a história de maus-tratos entre adolescentes infratores versus a vida e outros adolescentes infratores. MÉTODO: Estudo transversal, controlado, utilizando a escala Hare's Psychopathy Checklist Revised (PCL-R para avaliação de psicopatia em uma amostra de adolescentes cumprindo medida socioeducativa em decorrência da prática de ato infracional. RESULTADOS: Os adolescentes que cometeram crimes contra a vida apresentaram prevalência de psicopatia maior do que outros adolescentes infratores - RP = 2,86 (IC95% 1,49-5,47. A reincidência criminal foi mais prevalente entre os adolescentes que possuíam psicopatia e história de crimes contra a vida - RP = 2,96 (IC95% 1,32-6,60. O estudo não conseguiu demonstrar prevalência significativa de história de abuso na infância entre os adolescentes com psicopatia em comparação ao grupo-controle - RP = 0,88 (IC95% 0,66-1,15. CONCLUSÕES: Os resultados sugerem prevalência aumentada de personalidade psicopática e reincidência criminal entre os adolescentes autores de crimes contra a vida quando comparados a outros adolescentes infratores.BACKGROUND: Evidences point out that the young offenders involved with major crimes (such as homicide, rape and violent robbery have psychopathic personality, with greater risk of recidivism but do not have a higher prevalence of childhood abuse history compared to other young delinquents. OBJECTIVE: To compare the psychopathy, criminal recidivism. However, incidence of childhood abuse is similar to other young delinquents groups. METHODS: Cross-sectional study, controlled, using the Hare's Psychopathy

  7. A gravidez na adolescência sob a perspectiva dos familiares: compartilhando projetos de vida e cuidado El embarazo en adolescencia en la perspectiva de los familiares: compartiendo proyectos de vida y cuidado Adolescent pregnancy from a family perspective: sharing projects of life and care

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lucía Silva

    2006-04-01

    Full Text Available Estudo qualitativo, que objetivou apreender o significado da gravidez da adolescente para seus familiares. Empregou-se a entrevista semi-estruturada e discurso do sujeito coletivo. A gravidez da adolescente é representada como problema a ser enfrentado com o suporte familiar. As famílias preocupam-se e se mobilizam para resolver as adversidades. Além do choque pela notícia, impotência quanto à prevenção da gravidez, conformismo, alegria e melhora no relacionamento familiar pela chegada do bebê, evidenciou-se a frustração devido à interrupção/mudança no projeto de vida familiar em relação à adolescente sem um relacionamento estável com o pai da criança. Considera-se que, ao se valorizar a perspectiva dos familiares sobre a gestação na adolescência, o cuidado profissional à adolescente grávida e à família pode se dar em parceria e sintonia com o contexto familiar e social, facilitando o enfrentamento de conflitos e reconhecendo a família como sujeito ativo nesse processo.Este estudio cualitativo tuvo por objetivo aprehender el significado del embarazo de adolescentes para los familiares, mediante entrevistas semiestructuradas y discurso del sujeto colectivo. El embarazo de la adolescente se representa como un problema a ser enfrentado con apoyo familiar. Las familias se preocupan y se movilizan para resolver las adversidades. Además del susto por la noticia, impotencia en cuanto a la prevención del embarazo, conformismo, felicidad y mejora en la relación familiar por la llegada del bebé, la frustración se evidenció debido a una interrupción/cambio en el proyecto de vida familiar por el adolescente no tener un relacionamiento estable con el padre del bebé. Consideramos que, cuando se valora la perspectiva de los familiares sobre la gestación en la adolescencia, el cuidado profesional a la adolescente embarazada y la familia puede pasar en sintonía con el contexto familiar y social, facilitando el enfrentamiento

  8. Broncoespasmo induzido pelo exercício em crianças e adolescentes com diagnóstico de asma

    OpenAIRE

    Cassol,Vitor E.; Trevisan,Maria E.; Moraes,Eliane Z. C. de; Portela,Luiz O. C.; Barreto,Sérgio Saldanha Menna

    2004-01-01

    INTRODUÇÃO: A broncoconstrição temporária após o exercício físico tem elevada prevalência em crianças e adolescentes asmáticos. OBJETIVO: Determinar a freqüência e gravidade do broncoespasmo induzido pelo exercício em crianças e adolescentes, com diagnóstico clínico de asma leve, moderada e grave. MÉTODO: Foi realizado um estudo descritivo, tipo transversal, não controlado. A amostra constituiu-se de 40 indivíduos asmáticos, de ambos os sexos, com idade entre 7 e 18 anos, que não utilizavam r...

  9. Desenvolvimento de habilidades: estratégia de promoção da saúde e prevenção da gravidez na adolescência Desarrollo de habilidades: estrategia de promoción de la salud y la prevención del embarazo en la adolescencia Skills development: strategy for health promotion and prevention of pregnancy in adolescence

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Glêdes Ibiapina Gurgel

    2010-12-01

    Full Text Available Trabalhar com desenvolvimento de habilidades em saúde sexual e reprodutiva do adolescente, na perspectiva da promoção da saúde para a prevenção da gravidez precoce, constitui um desafio para o enfermeiro. Para atender ao grupo em transformação biológica e psicossocial, há que considerar suas particularidades e exige crescimento para os protagonistas enfermeiros e adolescentes. O estudo teve como objetivo analisar as práticas do enfermeiro na prevenção da gravidez precoce na perspectiva do desenvolvimento de habilidades. Pesquisa descritivo-exploratória, com abordagem qualitativa, desenvolvida em Fortaleza, Ceará, tendo como técnica o grupo focal, cuja análise foi realizada por meio das práticas discursivas e mapas de associação de ideias. Os resultados revelaram que a promoção da saúde do adolescente é trabalhada na consulta de enfermagem e grupo de adolescentes, sendo este o espaço criativo, interativo e oportuno para o desenvolvimento de habilidades quanto à sexualidade e à prevenção da gravidez precoce.Trabajar con desarrollo de habilidades en la salud sexual y reproductiva de los adolescentes desde la perspectiva de promoción de la salud en la prevención del embarazo se constituye un reto. Para asistir el grupo en transformación biológica y psicosocial, hay que tener en cuenta sus peculiaridades y se requiere madurez de los protagonistas enfermera y adolescentes. El objetivo fue examinar las prácticas de los enfermeros en la prevención del embarazo desde la perspectiva del desarrollo de competencias. Estudio descriptivo-exploratorio, cualitativo realizado en Fortaleza, Ceará, Brasil, con la técnica del grupo focal y análisis en las prácticas discursivas con el mapa de asociación de ideas. Los resultados revelaron que la promoción de la salud ocurre en la consulta de enfermería y en el grupo de adolescentes, cuyo espacio creativo e interactivo es adecuado para el desarrollo de habilidades relacionadas

  10. Adolescente em conflito com a lei no Brasil: da situação irregular à proteção integral.

    OpenAIRE

    Gustavo de Melo Silva

    2015-01-01

    Neste artigo buscar-se-á relatar um pouco sobre a história das legislações referentes ao adolescente em conflito com a lei no Brasil, de maneira a situar melhor a mudança de paradigma que ocorreu na passagem da doutrina jurídica da situação irregular para a vigente doutrina da proteção integral

  11. Adolescente em conflito com a lei no Brasil: da situação irregular à proteção integral.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gustavo de Melo Silva

    2015-05-01

    Full Text Available Neste artigo buscar-se-á relatar um pouco sobre a história das legislações referentes ao adolescente em conflito com a lei no Brasil, de maneira a situar melhor a mudança de paradigma que ocorreu na passagem da doutrina jurídica da situação irregular para a vigente doutrina da proteção integral

  12. TEMPO DE TELA, PERCEPÇÃO DA QUALIDADE DE SONO E EPISÓDIOS DE PARASSONIA EM ADOLESCENTES

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alison Oliveira da Silva

    Full Text Available RESUMO Introdução: O sono é um importante componente no processo de desenvolvimento biológico e mental das crianças e dos adolescentes, considerado fonte de revitalização das funções orgânicas. Objetivo: Analisar a associação entre o tipo e tempo de exposição à tela, a percepção da qualidade de sono e os episódios de parassonia em adolescentes. Métodos: Estudo transversal que incorpora um levantamento epidemiológico de base escolar com amostra representativa (n = 481 de estudantes (14 a 19 anos do ensino médio da rede pública estadual do município de Caruaru, PE. Para a análise do sono e do estilo de vida, foi utilizada a versão traduzida e adaptada do Global School-Based Student Health Survey (GSHS. Recorreu-se à regressão logística binária para análise da associação entre as variáveis, considerando-se como desfecho a percepção negativa da qualidade de sono. Resultados: A prevalência de percepção negativa da qualidade de sono foi de 58% (IC 95% 53,5-62,3. Entre os comportamentos analisados, verificou-se que dormir oito horas ou menos por dia e assistir mais de duas horas de TV por dia aumentam, respectivamente, 2,69 (IC 95% 1,61-4,71 e 1,71 (IC 95% 1,08-2,73 as chances de relatar percepção negativa de sono. O tempo excessivo de tela, sobretudo diante da TV, esteve associado à maior quantidade de episódios de parassonia. Conclusão: A qualidade do sono está relacionada tanto com a quantidade de horas de sono, quanto com o tempo de exposição à TV. Além disso, uma quantidade maior de episódios de parassonia ocorreu entre os adolescentes que assistem mais de três horas de TV por dia.

  13. Isolamento social e sentimento de solidão em jovens adolescentes

    OpenAIRE

    Ferreira, Débora Sousa Simões; Santos, António José; Ribeiro, Olívia; Freitas, Miguel da Costa Nunes de; Correia, João Carlos Verdelho; Rubin, Kenneth

    2015-01-01

    Os estudos mostram a importância das relações de pares para um desenvolvimento saudável e harmonioso, principalmente no período da adolescência. Como tal, a problemática do isolamento social torna-se num domínio com redobrado interesse durante esta fase da vida dos jovens. São vários os estudos que associam o retraimento social de crianças e adolescentes a consequências ligadas a perturbações internalizadas, como por exemplo, a solidão. O presente estudo teve como objetivo verificar os sentim...

  14. Associações entre impulsividade, compulsão alimentar e obesidade em adolescentes

    OpenAIRE

    Cibele Pereira; Ethel Zimberg Chehter

    2011-01-01

    La impulsividad puede ser un componente importante en el contexto de atracones y la obesidad. Objetivo, Presentación de un protocolo con el uso de prueba Palográfico para medir la impulsividad. Métodos, 60 adolescentes (10 - 20 años, Md, 13,97 años, SD 2.17) de ambos sexos se evaluaron el IMC, los atracones y la impulsividad. Resultados: Los atracones eran frecuentes en las niñas y la impulsividad en los niños. 38% de la muestra estaban por encima del peso saludable y de estos, el 13% de form...

  15. Oficinas de prevenção em um serviço de saúde para adolescentes: espaço de reflexão e de conhecimento compartilhado Workshops on prevention for adolescents in a health service unit: a space for reflection and shared knowledge

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leila Sollberger Jeolás

    2003-01-01

    Full Text Available O artigo analisa resultados e limites de um projeto de extensão universitária realizado em um serviço público de saúde com atendimento integral ao adolescente. O projeto foi desenvolvido através de metodologia participativa, envolveu acadêmicos e profissionais das áreas de saúde e humanas, respondendo à necessidade de se realizar trabalhos de prevenção com adolescentes. O projeto justifica-se pelo aumento dos índices de gravidez não planejada entre meninas; pelos índices de infecção de DST e Aids; e pelo uso de drogas. Programas de saúde e o cumprimento dos conteúdos dos Parâmetros Curriculares Nacionais do MEC poderiam atuar para minimizar a vulnerabilidade sociocultural de jovens. Oficinas de prevenção possibilitaram melhor interação entre os profissionais do serviço e os adolescentes, além de representarem um espaço de reflexão sobre assuntos relacionados à sexualidade, temas dificilmente discutidos com a família ou na escola. As oficinas apresentam-se, portanto, como instrumentos eficazes de prevenção e de promoção à saúde, podendo ser operacionalizadas, nos serviços de saúde, por equipes interdisciplinares.This study analyzes the results and limits of a university extension project carried out in a public health service unit giving assistance to adolescents. The project developed through the participative methodology, involved students and professionals from the fields of health and human sciences. It is justified by the increase in the indexes of non-planned pregnancy amongst young girls, in the indexes of infection by STD and Aids, and drug use. The low number of programs turned to adolescents and the lack of a national project of sexual orientation in the schools increase the social-cultural vulnerability of young people. The workshops on prevention made it possible for a better interaction between professionals and adolescents, besides representing a space for reflection about sexuality

  16. Estado nutricional, autopercepção do estado nutricional e experimentação de drogas lícitas em adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Denise Máximo Garcia

    2015-09-01

    Full Text Available ResumoObjetivo:Associar o estado nutricional e a autopercepção do estado nutricional com a experimentação de drogas lícitas em adolescentes.Métodos:Estudo transversal no qual 210 adolescentes responderam a um questionário sobre experimentação de álcool e tabaco e sobre suas autopercepções nutricionais. Foi analisada a concordância entre autopercepção nutricional do adolescente e seu estado nutricional, bem como associações entre o estado nutricional, a autopercepção nutricional, sexo, idade e presença de tabagistas em casa com a experimentação de álcool e tabaco. As variáveis foram analisadas separadamente em análise bivariada e, a seguir, análise múltipla determinou fatores associados à experimentação.Resultados:Participaram do estudo 210 adolescentes com mediana de idade de 148 meses, 56,6% do sexo feminino. Do total da amostra, 6,6% já experimentaram cigarro e 20% já experimentaram álcool; 32,3% tinham Z-escore IMC≥1 e 12,85% tinham Z-escore IMC≥2 e 50,7% acertaram suas classificações nutricionais. Após análise multivariada, apenas a autoimagem sobre o peso influenciou estatisticamente na experimentação de fumo. Pacientes que se identificavam com peso muito alto apresentaram maior chance de experimentação de fumo (odds ratio (OR 13,57; intervalo de confiança (95% IC 2,05-89,8; p=0,007; em relação ao uso de álcool, adolescentes que se identificavam com peso alto apresentaram chance de uso de álcool 2,40 vezes maior do que crianças que se viam com peso normal (IC 95% 1,08-5,32; p=0,031.Conclusões:Adolescentes com autopercepção de excesso de peso podem constituir um grupo de risco para a experimentação de álcool e tabaco.

  17. Programa de prevencao do uso/abuso de alcool para adolescentes em contexto escolar: parar para pensar

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Teresa Maria Mendes Diniz de Andrade Barroso

    2013-09-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar o efeito do programa Parar Para Pensar na prevenção do uso/abuso de bebidas alcoólicas de adolescentes em contexto escolar. MÉTODO: Realizou-se estudo quasi-experimental, com pré e pós-teste, com 178 participantes, estudantes no 7º ano escolar; o grupo experimental (n = 70 foi sujeito à intervenção durante um ano, e o grupo de controle (n = 108 não sofreu intervenção. Foram utilizados o Questionário de Conhecimentos Acerca do Álcool; Questionário de caracterização dos consumos; Escala de Expectativas Acerca do álcool e Escala de Aptidões Sociais. RESULTADOS: Constatou-se que os adolescentes submetidos ao programa apresentaram evolução positiva nas seguintes variáveis: frequência do consumo e ocorrência de episódios de embriaguez; e, ainda, melhorou os conhecimentos, as expectativas acerca do álcool e a percepção do consumo pelos pares (p < 05. CONCLUSÃO: O programa foi eficaz na estabilização do consumo, no aumento dos conhecimentos, na estabilização das expectativas positivas e na percepção do consumo pelos pares. Sugerem-se novos estudos e manutenção de follow-up para consolidar os resultados encontrados.

  18. Estudo das habilidades sociais em adolescentes usuários de maconha Estudio de las habilidades sociales en adolescentes usuarios de marihuana The social skills study in adolescents marijuana users

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcia Fortes Wagner

    2009-03-01

    Full Text Available Esse estudo objetivou avaliar as habilidades sociais de adolescentes usuários de maconha e comparar seu desempenho com o de não-usuários. Os instrumentos utilizados foram: Inventário de Habilidades Sociais - IHS; Screening Cognitivo do WISC-III e do WAIS-III, Inventários de Ansiedade e Depressão de Beck. A amostra constituiu-se de 98 adolescentes, com idades de 15 a 22 anos, dos quais 49 eram usuários de maconha e 49 não o eram. Os resultados mostraram maiores prejuízos no grupo de usuários de maconha no screening cognitivo e na presença de sintomas de ansiedade e depressão. Os achados evidenciaram diferenças estatísticas significativas no grupo de usuários de maconha, com um desempenho mais prejudicado no Fator 4 (auto-exposição a desconhecidos ou a situações novas e no Fator 5 (autocontrole da agressividade em situações aversivas. Conclui-se que adolescentes usuários de maconha apresentam mais prejuízos nas habilidades do que adolescentes não usuários de substâncias.Esta investigación tuvo como objetivo evaluar las habilidades sociales de adolescentes usuarios de marihuana y comparar su desempeño con adolescentes no usuarios de esta droga. Los instrumentos utilizados fueron: Inventario de Habilidades Sociales - IHS; Screening Cognitivo del WISC-III y del WAIS-III, Inventarios de Ansiedad y Depresión de Beck. La muestra se constituyó de 98 adolescentes, 49 usuarios de marihuana y 49 no usuarios, con edades entre 15 y 22 años. Los resultados mostraron mayores perjuicios en el grupo de usuarios de marihuana en el screening cognitivo y en la presencia de síntomas de ansiedad y depresión. Los hallazgos evidenciaron diferencias estadísticas significativas en el grupo de usuarios de marihuana, con un desempeño más perjudicado en el Factor 4, Autoexposición a desconocidos o a situaciones nuevas y en el Factor 5, Autocontrol de la agresividad a situaciones aversivas. Se concluyó que adolescentes usuarios de

  19. Transtornos do humor em crianças e adolescentes: atualização para pediatras

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antonio Carlos de Farias

    2011-10-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Revisar aspectos epidemiológicos e etiológicos do diagnóstico e tratamento dos transtornos do humor em crianças e adolescentes, com foco em conteúdos essenciais para médicos pediatras. FONTES DOS DADOS: Revisão da literatura no banco de dados da MEDLINE. Utilização das recomendações da quarta edição do texto revisado do Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais da Associação Americana de Psiquiatria. Análise crítica dos atuais critérios diagnósticos e teorias científicas sobre etiologia dos transtornos do humor. SÍNTESE DOS DADOS: Foram identificadas opiniões discordantes e congruentes sobre a efetividade de se utilizar os mesmos critérios atualmente listados no Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais para diagnóstico de transtornos do humor em adultos, adolescentes e crianças. Embora esse tópico tenha sido muito debatido na literatura dos últimos 10 anos, a percepção é de que uma porcentagem significativa de casos continuam sendo subdiagnosticados devido à utilização dos mesmos critérios independente da faixa etária. Os diversos estudos epidemiológicos realizados na população infantil fundamentam-se nesses critérios para cálculos de prevalência, o que tornam duvidosos os números atualmente publicados. Embora a neurociência tenha alcançado grandes avanços no conhecimento dessas patologias, ainda é necessário um melhor entendimento sobre como os fatores genéticos e ambientais interagem e influenciam a origem, gravidade e resposta ao tratamento. CONCLUSÕES: Os transtornos do humor são patologias de alta prevalência na infância e adolescência, com grande impacto na vida dos portadores no longo prazo. Constatamos a necessidade de aprimorar os critérios diagnósticos, adequando-os à população infantil, com objetivo de facilitar ao clínico, particularmente ao pediatra, diagnóstico e intervenção precoce. Avanços na área de epigenética podem

  20. Adaptação da escala Brian para uso em crianças e adolescentes: um estudo preliminar

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Claudia Mércio Loredo Souza

    2013-01-01

    Full Text Available Introdução: Alterações nos ritmos circadianos tem sido frequentemente observadas entre pacientes com Transtorno do Humor Bipolar (THB. No entanto, existem poucos instrumentos para medi-las e a maioria deles mede exclusivamente distúrbios do sono. A escala BRIAN, validada para adultos com THB, avalia a regularidade dos ritmos biológicos em quatro diferentes aspectos: sono, atividades, social e padrão de alimentação. O objetivo deste estudo piloto foi adaptar a escala BRIAN para uma população de crianças e adolescentes (BRIAN-K e avaliar se o novo instrumento é capaz de detectar diferenças entre pacientes e controles saudáveis. Métodos: Foram avaliados 20 pacientes com THB entre 8-16 anos e 32 controles pareados por sexo e idade. Os sujeitos foram avaliados através de entrevista clínica, K-SADS-PL e testagem cognitiva. A BRIAN-K foi aplicada em ambos os grupos. Resultados: O grupo de pacientes com THB apresentou escores mais altos de alterações em seus ritmos circadianos pelo escore total da BRIAN-K, quando comparados com o grupo controle (p=0,022. Particularmente, maior irregularidade foi observada no domínio “atividades” no grupo de pacientes (p=0,001. Nossos resultados também mostraram uma correlação positiva entre a idade de diagnóstico e o domínio “sono” da BRIAN-K (r = 0,485; p = 0,03. Conclusões: Estes dados preliminares sugerem que a versão BRIAN-K, recentemente adaptada para crianças e adolescentes, é capaz de discriminar pacientes com THB e controles. Futuros estudos com maior tamanho amostral são necessários para determinar a confiabilidade, validade interna e externa do presente instrumento.

  1. Carcinoma de tireóide em crianças e adolescentes - revisão de seis casos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniela V. M. Szeliga

    2001-02-01

    Full Text Available Objetivo: O carcinoma de tireóide é raro em crianças, e existem aspectos controversos sobre seu manejo. Este estudo foi realizado para avaliar aspectos diagnósticos e de seguimento destes pacientes. Métodos: Foi revisada retrospectivamente a evolução clínica de seis pacientes com carcinoma de tireóide, seguidos em Unidade de Endocrinologia Pediátrica nos últimos 17 anos. Resultados: Foram encontrados seis pacientes com carcinoma de tireóide, todos do sexo feminino, com idade de 4,5 a 12 anos. Nódulo tireoidiano esteve presente na avaliação inicial em todos os casos. A ultra-sonografia e cintilografia com 131I mostraram nódulo sólido e hipocaptante em quatro pacientes. Histologicamente, quatro eram carcinomas papilíferos, e dois foliculares. Todos foram submetidos à tireoidectomia total, sendo que quatro necessitaram também dose terapêutica de 131I devido a metástases e/ou resíduo tireoidiano. Conclusão: Nossos achados confirmaram a impressão clínica de que crianças e adolescentes com carcinoma tireoidiano têm um bom prognóstico, sem haver registro de óbito neste seguimento de até 17 anos. Estes dados estão de acordo com a literatura, que mostra baixa mortalidade nestes casos.

  2. Experiências homossexuais de adolescentes: considerações para o atendimento em saúde

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Stella Regina Taquette

    2015-12-01

    Full Text Available Objetivamos conhecer significados das práticas homoafetivas de adolescentes, tendo em vista contextos de vulnerabilidade que envolvem o exercício da sexualidade numa sociedade homofóbica. Realizamos entrevistas com nove rapazes e quatro moças que procuraram atendimento em saúde e relataram experiência homossexual. Para alguns rapazes, a experiência homossexual ocorreu de forma circunstancial, por curiosidade e experimentação; para outros, esteve associada à prostituição, e, para a maioria, relacionou-se à identidade homossexual autodeclarada. Nas moças, dois significados sobressaíram: a atividade homossexual associada ao amor e como possível reação à violência sexual sofrida antes do início da experiência homossexual. Todos os entrevistados revelaram nunca terem sido perguntados ou orientados acerca de homossexualidade nos serviços de saúde. O estudo evidencia a necessidade de uma política de atenção integral à saúde deste público, cuja sexualidade é diversa do padrão hegemônico da sociedade.

  3. Entrevista de Crianças e Adolescentes em Contexto Policial e Forense: Uma Perspectiva do Desenvolvimento

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rui Paulo

    2015-09-01

    Full Text Available Conhecer as diferentes etapas do desenvolvimento humano é uma competência essencial para o entrevistador em contexto policial e forense. É imprescindível adaptar a entrevista em função da avaliação das competências da testemunha. Este artigo caracteriza as etapas do desenvolvimento humano ao longo da infância e adolescência, destacando o desenvolvimento da memória e outras competências relevantes para a entrevista de testemunhas. Analisou-se ainda a adequabilidade de várias metodologias utilizadas para este fim, salientando algumas diretrizes fundamentais para a condução de uma boa entrevista. Por fim, focou-se na Entrevista Cognitiva Melhorada enquanto técnica promissora para entrevistar crianças e adolescentes. Pretende-se não apenas rever de forma crítica a literatura existente, mas também construir um guia para os profissionais desta área.

  4. Instrumentos específicos para avaliar a qualidade de vida em crianças e adolescentes com asma

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristian Roncada

    2013-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Identificar e descrever os instrumentos específicos que avaliam a QVRS de crianças e adolescentes com asma. FONTES DOS DADOS: Realizamos buscas nas bases de dados PubMed, Ovid e LILACS utilizando várias combinações de descritores (MeSH terms, selecionando artigos originais sobre desenvolvimento de questionários específicos de QVRS, publicados em inglês, português ou espanhol, entre 1990 e 2012. SÍNTESE DOS DADOS: Foram identificados 15 instrumentos que preencheram os critérios de inclusão. A maioria dos estudos avaliou confiabilidade mediante consistência interna e/ou reprodutibilidade e/ou sensibilidade às mudanças. A validade foi avaliada mediante a comparação com hígidos (validade discordante ou análise fatorial. CONCLUSÕES: Dos 15 instrumentos, três são os mais utilizados, o PAQLQ, o PedsQL-Asthma e DISABKIDS. Em geral, estes três instrumentos possuem características psicométricas adequadas e são práticos de aplicar, mas apenas o PAQLQ completou a adaptação cultural para o Brasil.

  5. Adolescentes em privação de liberdade: as práticas de lazer e seus processos educativos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elenice Maria Cammarosano-Onofre

    2013-10-01

    Full Text Available O presente artigo busca contribuir com as discussões existentes em relação ao lazer de adolescentes que cumprem medida socioeducativa de internação na Fundação Casa, em São Paulo/Brasil. Trata-se de um estudo de natureza qualitativa e os dados foram coletados utilizando análise documental, observação participante e entrevistas semiestruturadas com cinco jovens. Identificaram-se três focos de análise: concepção de lazer; atividades de lazer; processos educativos. Para tal, tomou-se o foco atividades de lazer, sendo analisado antes da privação, durante a internação e durante o cumprimento de sanção disciplinar. O estudo evidencia a relevância da prática social do lazer como possibilidade objetiva de (reinserção do jovem à vida cotidiana, uma vez que se reveste de processos educativos que contribuem com a inclusão social.

  6. Medidas judiciais atinentes à atenção em saúde mental de adolescentes em conflito com a lei

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ricardo Henrique Soares

    Full Text Available Com base em uma pesquisa documental realizada na Vara da Infância e Juventude de São Paulo, que continha decisões judiciais determinando o encaminhamento de crianças e adolescentes usuários de substâncias psicoativas para tratamento no campo da saúde mental, este estudo objetivou analisar a orientação das decisões judiciais em relação ao modelo assistencial adotado nos casos concretos: o modelo psiquiátrico clássico ou o modelo de assistência proposto pela reforma psiquiátrica. Os resultados revelaram que, “a priori”, não há uma orientação assistencial definida, havendo a necessidade da análise do caso concreto, especialmente em relação a duas condições essenciais para a determinação do paradigma assistencial no campo da saúde mental adotado nas decisões judiciais: avaliação da esfera territorial dos pacientes e o conhecimento do específico serviço de saúde mental indicado para o tratamento.

  7. Percepção de segurança no bairro e tempo despendido em frente à tela por adolescentes de Curitiba, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Crisley Vanessa Prado

    Full Text Available RESUMO: Objetivo: Analisar a associação entre a percepção de segurança (PS no bairro e o tempo despendido em frente à tela pelos adolescentes e verificar o papel moderador das variáveis sexo, idade e nível socioeconômico nessa relação. Métodos: Trata-se de um estudo transversal, com inquérito escolar realizado em Curitiba, Paraná. Inicialmente foram selecionadas, de modo intencional, seis escolas (três públicas e três privadas, e em seguida foi sorteada uma turma de cada período de ensino (sexto ano do ensino fundamental ao terceiro ano do ensino médio. A PS foi avaliada com a escala NEWS-Y, e o tempo diário despendido em frente à tela foi definido por aquele passado diante da televisão/vídeo/DVD, jogando videogame e utilizando a internet. Modelos de regressão logística multinomial foram utilizados para testar a associação entre a PS e essa atividade, ajustando para as variáveis moderadoras. Resultados: Participaram do estudo 776 adolescentes, com idade entre 11 e 18 anos. A PS relacionada aos crimes foi associada com o uso de videogame por adolescentes mais velhos, no sentido contrário ao esperado (p < 0,05. A PS relacionada ao tráfego de pedestres foi associada inversamente ao uso de videogame por adolescentes de maior nível socioeconômico (p < 0,05. Conclusão: A associação entre PS e tempo despendido em frente à tela é complexa para os adolescentes e difere em relação às variáveis sociodemográficas e o desfecho analisado (televisão/vídeo/DVD, videogame e internet.

  8. Perfil do adolescente que tenta suicídio em uma unidade de emergência Perfi del adolescente que intenta suicidio admitido en una unidad de emergencia Profile of adolecent suicide attempters admitted in an emergency unit

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rita de Cássia Avanci

    2005-10-01

    Full Text Available É freqüente o atendimento para tentativa de suicídio em Unidades de Emergência e estudar este fenômeno na adolescência é importante por ser um período de conflitos. Este estudo objetivou traçar um perfil epidemiológico de adolescentes admitidos em uma Unidade de Emergência diagnosticados como Tentativa de Suicídio. Para isso, foram examinados os atendimentos de adolescentes admitidos nesta Unidade, com o diagnóstico referido, no ano de 2002. Os resultados mostraram que 77,8% dos casos pertencem ao sexo feminino, predominância da faixa etária entre 15 e 19 anos, estado civil solteiro, cor branca, estudantes, com residência em bairros de baixo poder aquisitivo, utilizando a ingestão de medicamentos no período diurno, e são semelhantes aos descritos em outros estudos, necessitando assim atenção especial.Unidades de Emergencia frecuentemente atienden a intentos de suicidio y es importante estudiar este fenómeno en la adolescencia, ya que es un período de conflictos. La finalidad de este estudio fue delinear un perfil epidemiológico de adolescentes admitidos en una unidad de emergencia con diagnóstico de intento de suicidio. Por lo tanto, investigamos la atención de adolescentes admitidos en esta Unidad con el diagnóstico referido, en 2002. Los datos mostraron que 77,8% de los casos se refieren al sexo femenino, predominancia de la franja de edad entre 15 y 19 años, estado civil soltero, color blanco, estudiantes, que viven en barrios de bajo poder adquisitivo, utilizando la ingestión de medicamentos en el período diurno. Los hallazgos son semejantes a aquellos descritos en otros estudios y, por consiguiente, necesitan de atención especial.Emergency Units frequently assist suicide attempts. It is important to study this phenomenon in adolescence, since this is a conflict period. This study aimed to outline an epidemiological profile of adolescents admitted in an Emergency Unit, who were diagnosed as suicide attempters

  9. SÍNDROMES HIPERTENSIVAS GRAVES – ESTUDO DESCRITIVO COM ADOLESCENTES ATENDIDAS EM MATERNIDADE ESCOLA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Andreia Gregório Lima

    2012-01-01

    Full Text Available Estudio exploratorio y descriptivo, con objetivo de analizar los datos clínicos y obstétricos relacionados a síndromes hipertensivos graves en adolescentes asistidas en maternidad escuela de Recife-PE, Brasil. La población fue de 186 adolescentes embarazadas con preeclampsia severa y/o eclampsia entre 2003 y 2008. La edad varió entre 15 y 19 años, eran negras, solteras y con baja escolaridad. La mayoría era primíparas, pero la recurrencia del embarazo fue de 16% de los casos. Realizaran seis o más consultas de prenatal, el embarazo avanzó a término y el tipo de parto más frecuente fue la cesárea. Las comorbidades identificadas fueron alteraciones de volumen del líquido amniótico, cuadros hemorrágicos e infecciosos. Fueron identificados también casos de retraso del crecimiento intrauterino, prematuridad, ictericia, hipoxia y bajo peso al nacer. El embarazo en la adolescencia asociado con los síndromes hipertensivos severos posee relación con complicaciones maternas, fetales y neonatales.

  10. Um olhar sobre a atenção psicossocial a adolescentes em crise a partir de seus itinerários terapêuticos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Melissa de Oliveira Pereira

    2014-10-01

    Full Text Available O artigo analisa a assistência a adolescentes em crise em um município da região metropolitana do Rio de Janeiro, Brasil. Trata-se do relato de uma pesquisa qualitativa em saúde, que utiliza como recursos metodológicos o Itinerário Terapêutico e as Narrativas de Vida, adotando como principal referência teórica o psicanalista René Kaës. Buscou-se, valendo-se de relatos orais, apreender realidades coletivas que lançassem luzes sobre as distintas lógicas assistenciais e práticas profissionais de cuidado a adolescentes em situação de crise psicossocial. Partiu-se do pressuposto de que, ao ser tomada em seu caráter dialético, a crise exige a existência e a manutenção de um enquadre que permita o estabelecimento de um espaço de transição, no qual se construam condições necessárias para que elementos disruptivos e paradoxais sejam elaborados. No entanto, a atenção à crise no contexto estudado mostrou-se atravessada por dificuldades de infraestrutura e baseada em certa rigidez institucional e fragmentação das ações, com pouco direcionamento para um trabalho intersetorial.

  11. O consumo alimentar de gestantes adolescentes no Município do Rio de Janeiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Barros Denise Cavalcante de

    2004-01-01

    Full Text Available O crescimento da gravidez na adolescência é visto com preocupação pela área de saúde pública. O consumo de alimentos que atendam a alta demanda de nutrientes durante a gestação tem sido identificado como um componente relevante. O objetivo do estudo foi conhecer o consumo habitual dos alimentos e de energia e nutrientes entre gestantes adolescentes. Foram entrevistadas 1.180 mães adolescentes em maternidades do Município de Rio de Janeiro e aplicado um Questionário de Freqüência de Consumo Alimentar semiquantitativo simplificado. Os alimentos referidos por pelo menos 50% delas foram arroz, açúcar, manteiga, pão, feijão, leite, refrigerante, sucos, legumes e laranja. Observa-se um menor consumo de sucos, legumes e frutas entre as menores de 15 anos. No primeiro quartil de consumo, a ingestão mínima recomendada de energia, ferro, folato, vitamina C e cálcio não foi alcançada. Encontrou-se uma associação inversa entre o número de pessoas no domicílio e o consumo de energia e nutrientes. O relato de informação sobre alimentação no pré-natal e a informação de mudança de alimentação durante a gravidez esteve associado a um melhor consumo de energia e nutrientes. A atenção pré-natal mostrou-se como um cuidado fundamental para melhores resultados na gestação.

  12. Gravidez na adolescência: tendência na produção científica de enfermagem Embarazo en la adolescencia: tendencia en la producción científica de enfermería Pregnancy in adolescence: tendencies in the cientific production of nursing

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Glêdes Ibiapina Gurgel

    2008-12-01

    Full Text Available A gravidez em adolescentes tem implicações biológica, psicológica, social, econômica e cultural. O estudo exploratório, descritivo e bibliográfico objetivou identificar as concepções da gravidez na adolescência, sujeito, vulnerabilidade e gênero, presentes na produção científica de Enfermagem. Foram selecionados intencionalmente quatro periódicos brasileiros e dois da América Latina indexados de 2002 a 2006 na Scientific Electronic Library. Dos 1.472 artigos identificados, 43 tinham como temática o adolescente, e 12 do Brasil, Cuba e Argentina, a gravidez na adolescência; seus autores percebem a problemática articulada com as concepções de sujeito, vulnerabilidade e gênero, num enfoque multidisciplinar, intersetorial, ancoradas nas parcerias e nas redes sociais de apoio. A gravidez na adolescência constitui desafio para as políticas públicas e traz à tona questões relevantes sobre o problema, fornecendo aos adolescentes subsídios para viver sua sexualidade de forma plena e com planejamento de anticoncepção ou concepção, no contexto de promoção da saúde.El embarazo en adolescentes trae implicaciones: biológica, psicológica, social, economica y cultural. El estudio exploratorio, descriptivo y bibliográfico, tuvo como objetivo identificar las concepciones en el embarazo en la adolescencia, sujeto,género y vulnerabilidad, en la producción científica de enfermería. De los1.472 artículos encontrados en cuatro revistas brasileñas y dos latinoamericanas indexadas de 2002-2006 en el Scientific Electronic Library 43, sobre embarazo y 12 del Brasil, Cuba e Argentina son sobre embarazo en adolescentes, cuyos autores perciben la problemática y hacen una articulación con los conceptos de sujeto, vulnerabilidad y género con enfoque multidisciplinario, intersectorial, con el suporte en las parcerias y en las red sociales de apoyo en el momento en que hay en la política del país lo desafio de garantizar a las

  13. Prevalence of Pattern of Risky Behaviors for Reproductive and Sexual Health Among Middle- and High-School Students Prevalencia de patrón de comportamiento de riesgo para la salud sexual y reproductiva en estudiantes adolescentes Prevalência do padrão de comportamento de risco para a saúde sexual e reprodutiva em estudantes adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adalberto Campo-Arias

    2010-04-01

    associados ao padrão de comportamento de risco para a saúde sexual e reprodutiva (PCRSSR, em estudantes do segundo grau de Santa Marta, Colômbia. É um estudo transversal. O PCRSSR foi definido como a soma de dois ou mais, de quatro possíveis comportamentos sexuais de risco, durante a vida. Foi usada a regressão logística para controlar as variáveis de confusão. Do estudo participaram 804 estudantes, os quais relataram relações sexuais, 36,1% apresentaram padrão de comportamento de risco para a saúde sexual e reprodutiva. Foram relacionados ao PCRSSR o consumo de uma sustância ilegal (OR=11,4, o consumo de álcool (OR=2,5, ser estudante de educação de segundo grau vocacional (OR=1,7 e ter nível de renda média ou alta (1,4. Aproximadamente um de cada três estudantes adolescentes possuía alto risco de infecção para HIV, ou gravidez não planejada. Recomenda-se promover práticas sexuais seguras.

  14. Uso indicado e uso referido de medicamentos durante a gravidez

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Claudia Garcia Serpa Osorio-de-Castro

    Full Text Available Poucos estudos descrevem a utilização de medicamentos na gravidez com detalhamento de práticas prescritivas. A pesquisa integra grande inquérito sobre atenção perinatal em hospitais do Município do Rio de Janeiro. A natureza do hospital - se pública, contratada/conveniada ao SUS ou privada - determinou estratificação de 10.072 puérperas internadas. A coleta de dados se deu por entrevista e por consulta a prontuários, cobrindo medicamentos utilizados durante a gravidez e prescritos durante a internação hospitalar quando do parto. Medicamentos foram classificados pela ATC e outro sistema para casos especiais de uso referido. Houve média de 2,08 medicamentos prescritos no parto e 2,3 usados durante a gestação, sendo os mais prescritos anestésicos, antibióticos, ocitocina e analgésicos, com diferenças significativas entre estratos, e os mais referidos sulfato ferroso, vitaminas, escopolamina e paracetamol. Para interromper a gravidez, 49,7% relatam o uso de chás e 9,2% de misoprostol. O perfil de utilização é corroborado pela literatura. A pesquisa oferece oportunidade de conhecimento de padrões de prescrição ao parto e de uso referido durante a gestação nos setores público e privado.

  15. Uso indicado e uso referido de medicamentos durante a gravidez

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Osorio-de-Castro Claudia Garcia Serpa

    2004-01-01

    Full Text Available Poucos estudos descrevem a utilização de medicamentos na gravidez com detalhamento de práticas prescritivas. A pesquisa integra grande inquérito sobre atenção perinatal em hospitais do Município do Rio de Janeiro. A natureza do hospital - se pública, contratada/conveniada ao SUS ou privada - determinou estratificação de 10.072 puérperas internadas. A coleta de dados se deu por entrevista e por consulta a prontuários, cobrindo medicamentos utilizados durante a gravidez e prescritos durante a internação hospitalar quando do parto. Medicamentos foram classificados pela ATC e outro sistema para casos especiais de uso referido. Houve média de 2,08 medicamentos prescritos no parto e 2,3 usados durante a gestação, sendo os mais prescritos anestésicos, antibióticos, ocitocina e analgésicos, com diferenças significativas entre estratos, e os mais referidos sulfato ferroso, vitaminas, escopolamina e paracetamol. Para interromper a gravidez, 49,7% relatam o uso de chás e 9,2% de misoprostol. O perfil de utilização é corroborado pela literatura. A pesquisa oferece oportunidade de conhecimento de padrões de prescrição ao parto e de uso referido durante a gestação nos setores público e privado.

  16. A colaboração entre pares em uma turma de adolescentes aprendendo inglês na escola pública

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edcléia Aparecida BASSO

    2011-07-01

    Full Text Available Neste artigo apresentamos alguns resultados alcançados por meio de uma pesquisa-ação realizada com alunos-adolescentes de escola pública. A análise dos dados foi norteada pela teoria sociocultural, quando, então, objetivamos entender o desenvolvimento daqueles alunos pela linguagem, focalizando as interações estabelecidas entre colegas e entre professor e alunos-adolescentes. Discutimos, especificamente, o construto teórico scaffolding, no viés da colaboração entre pares em atividades orais trabalhadas em sala de aula. Escolhemos como fonte primária para o presente estudo dados coletados por meio de gravações/filmagens de aulas, selecionando e transcrevendo alguns excertos para ilustrar a análise feita. Utilizamos também o diário de campo do aluno-professor-pesquisador. Esses dados revelaram características peculiares e coerentes com a adolescência, fase pela qual os alunos passavam, tais como o desinteresse e apatia nas aulas, e apontaram também ocorrências de situações propícias à colaboração efetiva entre pares (colegas, que poderiam ter propiciado o desenvolvimento de ambos, mas que resultaram, na maioria delas, em aparente fracasso. Entretanto, ficou também evidenciado que, quando a atividade desperta a curiosidade, a motivação do aluno-adolescente, ele se sente recrutado a participar da tarefa. Encerramos o estudo, certos da necessidade de mais pesquisas e estudos na área da Línguística Aplicada que focalizem o aluno-adolescente e seu desenvolvimento pela aprendizagem de uma nova língua no contexto público.

  17. Saúde bucal em meninas adolescentes da Vila Sabiá no município de Sorocaba, São Paulo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Claudia Regina de Campos Camargo

    2018-01-01

    Full Text Available A adolescência compreende o período da vida que se estende dos 10 aos 19 anos, é uma fase de transformações biopsicossociais profundas. Em decorrência disso, é comum os adolescentes apresentarem comportamentos negligentes em relação aos seus cuidados com saúde e esse período é tido como de risco aumentado para o aparecimento de cárie dentária e outras afecções bucais, devido ao controle precário da placa e menor cuidado com a escovação. Objetivo: Fomentar uma ação educativa visando à redução de riscos aos quais esse segmento populacional encontra-se exposto. Materiais e métodos: Este é um estudo transversal e qualitativo com 10 adolescentes do sexo feminino, na faixa etária de 10 a 14 anos e que fazem parte do grupo que frequenta o Território Jovem, Vila Sabiá, no município de Sorocaba, São Paulo. Utilizaram-se estratégias para formar vínculo com as adolescentes e depois foi avaliado seu conhecimento prévio sobre conceitos importantes como: saúde bucal; placa bacteriana; escovação; fio dental; flúor; sangramento da gengiva; piercing oral e mau hálito. Em seguida foi promovida uma intervenção que visou a aumentar o conhecimento sobre os temas propostos para reduzir os riscos e agravos à saúde oral e geral das adolescentes. Resultados e Conclusões: Percebe-se que houve um ganho incipiente de conhecimento das adolescentes, mas existe a necessidade de um tempo maior para orientá-las de forma a fixarem os conteúdos apresentados. Também é necessário que haja um aproveitamento melhor dos espaços que o território oferece para disseminar informações sobre saúde bucal e, assim, criar vínculo entre os profissionais de odontologia e as adolescentes.

  18. Sibilância em crianças e adolescentes vizinhos a uma indústria petroquímica no Rio Grande do Norte, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Claudia Lopes de Moraes

    2010-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Verificar a associação entre relato de sibilância em crianças e adolescentes e o local de residência em relação à dispersão dos poluentes atmosféricos emitidos pelo Pólo Petroquímico (PPQ de Guamaré (RN. MÉTODOS: Estudo transversal de relato de sibilância em crianças e adolescentes de 0 a 14 anos de idade, residentes no entorno do PPQ de Guamaré, em 2006. Foi utilizado o questionário padronizado do International Study of Asthma and Allergies in Childhood, acrescido de questões relativas ao tabagismo, renda, moradia e escolaridade. Concentrações diárias de PM10, PM2,5, carbono grafítico, SO2, NO2, O3, benzeno, tolueno e xilenos foram medidas em uma estação de monitoramento fixa. As comunidades residentes na área de influência das emissões do PPQ foram classificadas, segundo a direção preferencial dos ventos, em expostas e de referência. RESULTADOS: Participaram do estudo 209 crianças e adolescentes. As concentrações médias diárias dos poluentes monitorados mantiveram-se abaixo dos limites estabelecidos nos padrões de qualidade do ar. A prevalência de sibilos nos últimos 12 meses foi de 27,3%. Associações estatisticamente significantes com sibilos nos últimos 12 meses foram verificadas mesmo após ajustamentos para comunidades expostas [razão de chances (odds ratio, ORajust = 2,01; intervalo de confiança de 95% (IC95% 1,01-4,01], gênero masculino (ORajust = 2,50; IC95% 1,21-5,18 e idade de 0 a 6 anos (ORajust = 5,00; IC95% 2,41-10,39. CONCLUSÃO: Mesmo em baixas concentrações de poluentes atmosféricos, a ocorrência de sintomas respiratórios em crianças e adolescentes nas comunidades no entorno de um PPQ esteve associada a residência na direção preferencial dos ventos, mostrando-se mais vulnerável o grupo de pré-escolares do gênero masculino.

  19. Ansiedade na infância e adolescência e bullying escolar em uma amostra comunitária de crianças e adolescentes

    OpenAIRE

    Luciano Rassier Isolan

    2012-01-01

    Os transtornos de ansiedade representam uma das formas mais comuns de psicopatologia em crianças e adolescentes e estão associados com prejuízos no funcionamento acadêmico, social e familiar. Porém, permanecem frequentemente subdiagnosticados e subtratados. O bullying escolar é muito comum e está associado com um amplo espectro de problemas psiquiátricos, incluindo sintomas de ansiedade. O principal objetivo desta tese foi examinar a prevalência de bullying em uma grande amostra comunitária d...

  20. Detecção de hipertensão arterial em adolescentes através de marcadores gerais e adiposidade abdominal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Diego G. D Christofaro

    2011-06-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A obesidade está ligada à hipertensão arterial (HA na infância. Entretanto, o papel da gordura como preditor de HA em adolescentes permanece desconhecido. OBJETIVO: Investigar a associação entre obesidade geral e abdominal com HA e identificar a sensibilidade e especificidade desses indicadores para detectar HA em adolescentes. MÉTODOS: A amostra consistiu em 1.021 adolescentes com idade de 10-17 anos. Os indivíduos foram classificados como normal, sobrepeso/obesidade, de acordo com as medidas do IMC, e como não-obeso com obesidade abdominal, de acordo com as medidas da circunferência da cintura (CC. A pressão arterial sistólica (PAS e diastólica (PAD foi avaliada através de um dispositivo oscilométrico. Regressão logística e curvas ROC foram usadas na análise estatística. RESULTADOS: A prevalência geral de HA foi 11,8% (13,4% em meninos e 10,2% em meninas. A prevalência de HA em meninos e meninas com sobrepeso/obesidade foi 10% e 11,1%, respectivamente. A prevalência de HA em meninos com obesidade abdominal foi 28,6%. Para ambos os sexos, o odds ratio (OR para HA foi mais alto na obesidade abdominal do que no sobrepeso/obesidade geral (4,09 [OR IC95% = 2,57-6,51] versus 1,83 [OR IC95% = 1,83-4,30]. O OR para HA foi mais alto quando sobrepeso/obesidade geral e obesidade abdominal estavam agrupados (OR = 4,35 [OR IC95% = 2,68 -7,05], do que quando identificados como sobrepeso/obesidade geral ou obesidade abdominal apenas (OR = 1,32 [OR IC95% = 0,65- 2,68]. Entretanto, ambos os tipos de obesidade apresentavam baixo poder preditivo na detecção de HA. CONCLUSÃO: Obesidade geral e obesidade abdominal foram associadas com HA; entretanto, a sensibilidade e especificidade dessas variáveis na detecção de HA são baixas em adolescentes brasileiros.

  1. Marcadores reduzidos para a avaliação da personalidade em adolescentes Marcadores reducidos para la evaluación de la personalidad en adolescentes Brazilian mini-markers for assessing personality in adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nelson Hauck Filho

    2012-08-01

    Full Text Available Os Marcadores Reduzidos para a Avaliação da Personalidade mensuram os Cinco Grandes Fatores (CGF mediante 25 adjetivos comumente utilizados para descrever diferenças individuais em português brasileiro. Contudo, até o momento, suas propriedades psicométricas com adolescentes não haviam sido investigadas. Dessa maneira, o presente estudo teve como objetivo avaliar a estrutura fatorial do instrumento em duas amostras de estudantes adolescentes. O primeiro estudo contou com 208 estudantes escolares (média de idades=15,97; DP=1,00. Análises de componentes principais do instrumento revelaram uma estrutura de cinco componentes oblíquos com apenas 20 marcadores. Esse modelo foi testado em uma segunda amostra com 280 estudantes (média de idades=15,53; DP=1,00 de forma confirmatória contra modelos alternativos. Os índices de ajuste também favoreceram um modelo de cinco fatores oblíquos. Os resultados, em conjunto, sugerem a adequação de uma versão do instrumento com apenas 20 marcadores para uso com adolescentes.Los Marcadores Reducidos para la Evaluación de la Personalidad mensuran los Cinco Grandes Factores (CGF mediante 25 adjetivos comúnmente utilizados para describir diferencias individuales en portugués brasileño. Todavía, hasta ahora, sus propiedades psicométricas con adolescentes no habían sido investigadas. De esa manera, el presente estudio tuvo como objetivo evaluar la estructura factorial del instrumento en dos muestras de estudiantes adolescentes. El primer estudio contó con 208 estudiantes (promedio de edades=15,97; DP=1,00. Análisis de componentes principales del instrumento revelaron una estructura de cinco componentes oblicuos con apenas 20 marcadores. Ese modelo fue testado en una segunda muestra con 280 estudiantes (promedio de edades=15,53; DP=1,00 de forma confirmatoria contra modelos alternativos. Los índices de ajuste también favorecieron un modelo de cinco factores oblicuos. Los resultados, en conjunto

  2. O processo de desligamento de adolescentes em acolhimento institucional The process of family reintegration: reports of adolescents in residential care

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edinete Maria Rosa

    2012-12-01

    Full Text Available Este trabalho objetivou acompanhar o desenvolvimento de oito adolescentes, quatro meninas e quatro meninos, acolhidos em duas instituições e seus processos de desligamento institucional. Realizou-se um estudo longitudinal com base no procedimento de inserção ecológica, utilizando-se na coleta de dados diários de campo, conversas informais e roteiros de entrevistas semi-estruturadas. Os resultados foram organizados em categorias temáticas e analisados com base na Teoria Bioecológica do Desenvolvimento Humano. Apesar de a maioria dos adolescentes ter relatado manter vínculo e sentimentos positivos para com pelo menos um membro familiar e dos esforços das equipes técnicas das instituições, verificou-se dificuldade na efetivação da reinserção familiar. Conclui-se que, além da dificuldade de maior vinculação entre a instituição e alguns jovens, demonstrada pela evasão de quatro participantes, outro empecilho à reinserção é a dificuldade das famílias na superação das suas carências materiais e dos conflitos nas relações.This study aimed to observe the development of eight adolescents, four girls and four boys, in two host institutions and their process of getting out of the institution. We conducted a longitudinal study based on the methodological procedure of ecological engagement, using notes concerning the observations, informal conversations and interviews. The results were organized into thematic categories and analyzed based on the Bioecological Human Development theory. Although most adolescents have reported positive feelings and preserved contact with at least one family member, family reintegration was difficult even with the efforts of the institution's technical staff. It is concluded that, besides the difficulty of closer relations between caregivers and some of the youngsters, demonstrated by the escape of four participants, another obstacle is the difficulty of families in overcoming their material needs

  3. Hepatocarcinoma como causa de abdome agudo em adolescente: relato de caso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João Augusto dos Santos Martines

    2012-08-01

    Full Text Available O carcinoma hepatocelular (CHC é pouco prevalente nos países ocidentais, porém é um dos tumores mais freqüentes na Ásia e a quinta causa de câncer no mundo.É relatado um caso de adolescente do sexo feminino sem fatores de risco para um tumor extremamente agressivo, internada no Hospital Universitário da Universidade de São Paulo. A apresentação clínica foi de abdome agudo secundário a sangramento para cavidade peritoneal por ruptura do tumor evidenciado através de tomografia computorizada multidetectores (TCMD confirmado por laparotomia exploradora e biópsia hepática e tratada com rafia hemostática do parênquima hepático.

  4. Gravidez na adolescência: um olhar sobre um fenômeno complexo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Cristina Garcia Dias

    2010-04-01

    Full Text Available O presente trabalho apresenta uma revisão seletiva e não sistemática da literatura a respeito do fenômeno da gestação na adolescência. Três eixos temáticos orientam a organização do trabalho: (a Riscos e problemas associados à gestação na adolescência; (b Fatores precursores relacionados à gravidez na adolescência; e (c Fatores sócio-culturais associados ao desejo de ser mãe na adolescência. Entre as conclusões, destaca-se que a gravidez na adolescência é uma experiência que pode ter consequências tanto negativas quanto positivas para os adolescentes. Além disso, o fenômeno evidencia a necessidade de intervenções voltadas à saúde sexual e reprodutiva dos adolescentes.

  5. ESCOLHAS ALIMENTARES E ESTADO NUTRICIONAL DE ADOLESCENTES EM ESCOLAS DE ENSINO FUNDAMENTAL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M. S. ZANCUL

    2008-11-01

    Full Text Available

    Os objetivos deste estudo foram identificar e analisar comparativamente preferências alimentares de alunos dentro das escolas de ensino fundamental no município de Ribeirão Preto (SP, avaliar o estado nutricional dos estudantes, segundo indicadores antropométricos, e discutir o espaço da escola como alternativa para a educação alimentar. Foram analisados, neste estudo, 401 adolescentes cursando de 5ª a 8ª séries de escolas das redes pública e privada. Os dados foram coletados por meio de um questionário adaptado previamente testado. Os estudantes foram também pesados e medidos e o programa Epi Info 2000 foi usado para a organização dos dados. Os resultados demonstram que 70% dos adolescentes compram alimentos na cantina da escola. Dentre os alimentos citados estão: salgados (61,4%, refrigerantes (22,3%, e balas (52,7%. A disciplina Ciências é a mais citada pelos alunos como aquela na qual os conteúdos sobre alimentação foram trabalhados. A classifi cação do estado nutricional dos estudantes, feita pelos percentis de acordo com o IMC para idade e sexo, verifi cou que 12,6% apresentam sobrepeso e 8,5% apresentam obesidade. A escola pode exercer um papel fundamental na promoção da educação nutricional, com objetivo de desenvolver atitudes e hábitos saudáveis. calories and no sugar versions.

  6. A ESCOLA E O ADOLESCENTE EM CONFLITO COM A LEI: DESVELANDO AS TRAMAS DE UMA DIFÍCIL RELAÇÃO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eliseu de Oliveira Cunha

    2016-03-01

    Full Text Available RESUMO: O presente artigo teórico propõe-se a elencar e discutir possíveis razões da inamistosidade que, de modo geral, tem caracterizado a relação entre a escola e o adolescente em conflito com a lei no Brasil. Para tanto, empreendeu-se uma cuidadosa busca na literatura pertinente ao tema no intuito de desinvisibilizar e analisar criticamente os processos histórico-sociais dos quais essa tendência é tributária. O histórico alinhamento da escola com a cultura das classes abastadas, correlato à sua típica repulsa pelos estratos populares, revelou-se a espinha dorsal do fenômeno, uma vez que a maioria dos adolescentes em questão advém dessa classe social, sendo alvo privilegiado dos preconceitos, estigmas e estereótipos tipicamente atribuídos aos jovens de baixa renda. Para a atenuação desse quadro, a requalificação das práticas escolares para um efetivo acolhimento do adolescente mostra-se imprescindível.

  7. Exploração vocacional em adolescentes: avaliação de uma intervenção em classe

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Martina Königstedt

    2010-12-01

    Full Text Available Analisa-se o impacto de uma intervenção psicológica na exploração e tomada de decisão vocacional em adolescentes portugueses. Em contexto curricular e de classe, desenvolveram-se actividades de exploração do meio e do Eu com 39 alunos e 43 alunas do 9º ano, entre 13 e 17 anos (M=14,4, DP=0,95. Em um design pré/pós-teste, aplicaram-se o Career Exploration Survey (CES e o Career Decision Difficulties Questionnaire (CDDQ. Os resultados do teste do sinal evidenciaram ganhos significativos (p<0,01 nas dimensões de exploração e diminuição significativa da falta de informação profissional (p<0,01 e do total das dificuldades de decisão (p<0,05. Observou-se um padrão de correlações negativas (ró de Spearman entre as duas medidas vocacionais, evidenciando uma relação entre a informação explorada na intervenção e a diminuição das dificuldades de decisão por falta de motivação. Em geral, os resultados suportam a importância do papel da exploração da carreira na diminuição das dificuldades de tomada de decisão.

  8. Falhas na identificação da infecção pelo HIV durante a gravidez em São Paulo, SP, 1998 Deficiencies in diagnosing HIV-infection during pregnancy in Brazil, 1998

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    HHS Marques

    2002-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: O aumento de casos de Aids em mulheres no Estado de São Paulo desencadeou uma série de medidas para reduzir a transmissão materno-infantil do HIV. Assim, realizou-se estudo com o objetivo de avaliar falhas na implantação dessas medidas, do ponto de vista da cobertura e da qualidade do pré-natal, em serviços de referência que atendem mulheres soropositivas no Estado de São Paulo. MÉTODOS: Foram entrevistadas, por meio de questionário estruturado, todas as mulheres soropositivas de três cidades do Estado de São Paulo (São Paulo, Santos e São José do Rio Preto. Todas as mulheres possuíam no mínimo 18 anos de idade, tiveram filhos em 1998 e fizeram consulta com infectologista (ela mesma ou seu filho. As mulheres foram avaliadas quanto à realização do pré-natal e ao conhecimento da soropositividade para o HIV antes, durante ou após a gestação. RESULTADOS: Do total de 116 mulheres, 109 (94% fizeram pré-natal, 64% procuraram os serviços durante o primeiro trimestre, e o número de consultas foi de pelo menos três em 80% dos casos. A idade média das mulheres que fizeram pré-natal foi de 29,1 anos, estatisticamente maior do que a das mulheres que não o fizeram (24,3 anos. Sabiam ser soropositivas antes de engravidar 45% das mulheres, 38% souberam durante a gravidez, e 17%, após o nascimento da criança. O teste para o HIV foi oferecido para 82% das mulheres que não conheciam seu status sorológico. Destas, apenas 56% receberam explicação sobre a importância do teste. As unidades básicas de saúde (UBS foram os locais onde a informação menos ajudou a conhecer o risco para a criança (p=0,037 e a necessidade de tratamento (p=0,0142. CONCLUSÕES: As principais falhas identificadas foram o não-oferecimento do teste HIV durante a gestação e a inadequada qualidade da informação. O principal local de atendimento para essas pessoas são as UBS. Estas foram as que menos contribuíram para a compreensão dos

  9. Insatisfação corporal e transtornos mentais comuns em adolescentes Insatisfacción corporal y trastornos mentales comunes en adolescentes Body dissatisfaction and common mental disorders in adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernanda de Azevedo Marques

    2012-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Verificar a prevalência de insatisfação corporal em adolescentes e sua associação com fatores socioeconômicos, comportamentais, antropométricos e psicossociais, em especial a presença de transtornos mentais comuns. MÉTODOS: Foram estudados adolescentes de uma escola de Itajaí, nos quais foram realizadas medidas antropométricas para análise do índice de massa corpórea. Aplicou-se um questionário sobre dados pessoais e transtornos mentais comuns. O desfecho principal foi a presença da insatisfação corporal, sendo a análise ajustada dos fatores associados realizada por meio da regressão de Poisson. As razões de prevalência e seus respectivos intervalos de confiança de 95% (IC95% foram calculados. RESULTADOS: Foram avaliados 214 adolescentes (77,5% com idade média de 12,4 anos e predomínio do sexo feminino (65,4%. A maioria dos adolescentes avaliados foi classificada como eutrófica (79,4% e 28,0% deles apresentaram escores indicativos de transtornos mentais comuns. A prevalência de insatisfação corporal foi de 74,3%, (IC95% 67,9-80,0. Dentre os fatores associados ao desfecho, destacaram-se: menor escolaridade materna, obesidade abdominal, percepção do estado nutricional como acima ou abaixo do peso, interferência da forma física em atividades diárias e relacionamentos. A presença de transtornos mentais comuns esteve associada, após análise ajustada, ao nível de 6,6% à insatisfação corporal. CONCLUSÕES: A maioria dos adolescentes possuía índice de massa corporal e circunferência da cintura dentro da normalidade; entretanto, grande parte relatou insatisfação com a imagem corporal, em ambos os sexos. Variáveis maternas e comportamentos relacionados ao peso corporal estiveram associados ao desfecho. Para transtornos mentais comuns, a associação foi próxima ao limiar de significância adotado.OBJETIVO: Verificar la prevalencia de insatisfacción corporal en adolescentes y su asociación con

  10. Sintomatologia depressiva em adolescentes iniciais: estudo de base populacional Depressive symptomatology in early adolescents: population-based study

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciano Dias de Mattos Souza

    2008-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Verificar a prevalência de sintomatologia depressiva em adolescentes entre 11 e 15 anos em Pelotas, RS, e identificar seus fatores associados. MÉTODOS: Estudo transversal de base populacional com amostra representativa de adolescentes da zona urbana da cidade de Pelotas, RS. Dos 448 setores censitários existentes no município, 79 foram aleatoriamente sorteados. Os jovens entre 11 e 15 anos localizados nestes setores foram convidados a responder o questionário auto-aplicado que continha perguntas sobre: idade, sexo, vida escolar, religião, atividades físicas, entretenimento, tabaco, consumo de álcool, uso de outras drogas, relacionamentos sexuais e conduta. Além disso, a sintomatologia depressiva dos adolescentes foi avaliada por meio da escala Children's Depression Inventory (CDI, também presente no instrumento de pesquisa. Para a análise dos dados foi utilizada a regressão logística ajustada ao modelo hierárquico. RESULTADOS: A prevalência de depressão foi de 2,1%. Após a regressão logística ajustada ao modelo hierárquico, estiveram significativamente associados à depressão: baixa condição socioeconômica, histórico de fracasso acadêmico, ausência de prática religiosa, abuso de álcool nos últimos 30 dias e indicativo de transtorno de conduta. CONCLUSÃO: É evidenciada a necessidade de programas preventivos e integrados de política na adolescência para depressão e comportamentos de risco à saúde.AIM: Verify the prevalence of depressive symptomatology in adolescents aged between 11 and 15 in Pelotas, RS, and identify its associated factors. METHODS: A cross-sectional base-populational study with a representative sample of adolescents of urban area of Pelotas, RS. Among the 448 census tracts in the urban area of Pelotas, 79 were randomly selected. Youths between 11 and 15 years answered a confidential self-report questionnaire on issues such as: age, gender, school life, religion, physical activities

  11. CONSENSO CULTURAL SOBRE EL INTENTO DE SUICIDIO EN ADOLESCENTES/ CULTURAL CONSENSUS REGARDING SUICIDE ATTEMPTS IN ADOLESCENTS/ CONSENSO CULTURAL SOBRE TENTATIVA DE SUICÍDIO EM ADOLESCENTES

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Ignacio Cruz Gaitán

    2011-12-01

    Full Text Available Este estudio buscó identificar la estructura semántica del dominio cultural, el promedio de conocimiento y el grado de consenso cultural manifestado por los adolescentes sobre el intento de suicidio. Fue un estudio cualitativo de listas libres, con un muestreo propositivo no aleatorizado de 27 adolescentes entre 13 y 18 años. Los resultados evidenciaron un solo modelo semántico. En lo estructural se identificó el problema familiar como una causa importante del intento suicida; las categorías depresión y tristeza se consideraron como signos y síntomas previos a esta tentativa y no como causas. Como estrategias de prevención, se consideró recibir información mediante pláticas o establecer conversaciones sobre los problemas. Este modelo permite proponer estrategias de prevención que privilegien el núcleo familiar.

  12. Sintomas depressivos e uso de Cannabis em adolescentes Síntomas depresivos en adolescentes usuarios de Cannabis Depressive symptoms in young Cannabis users

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tânia Moraes Ramos Andrade

    2008-09-01

    Full Text Available A depressão é um dos transtornos psiquiátricos mais comuns na adolescência. Os quadros depressivos costumam apresentar elevadas taxas de comorbidades psiquiátricas, sendo freqüente o abuso de substâncias psicoativas. O artigo investiga a associação dos sintomas depressivos e o uso da cannabis. MÉTODO: Revisão sistemática, análise dos artigos indexados no Medline, PsycInfo, ProQuest, Web of Science e Lilacs, entre 2000 e 2005, descritores: depressive symptoms, depressive, adolescence, teenager e cannabis. RESULTADOS: Revisados 36 artigos completos, resultando no estudo de 9 artigos, que tratam de sintomas depressivos ou depressão e o uso ou dependência de cannabis em adolescentes. Os estudos confirmam a associação entre sintomas depressivos e o uso de cannabis na adolescência, sendo esta associação mais freqüente no uso precoce e regular de cannabis. CONCLUSÃO: Os sintomas depressivos/depressão estão relacionados ao uso/abuso e dependência de cannabis na adolescência. A investigação clínica e os programas de prevenção devem abordar estes transtornos na adolescência.Este artículo busca investigar la asociación de los síntomas depresivos y el uso de cannabis en la adolescencia. MÉTODO: Ha sido realizado, a través de revisión sistemática, el análisis de los artículos indexados localizados en los sistemas Medline, PsycInfo, ProQuest, Web of Science y Lilacs, entre 2000 y 2005, utilizando los descriptores: depressive symptoms, depressive, adolescence, teenager y cannabis. RESULTADOS: La mayoría de los estudios confirma existir una asociación entre síntomas depresivos y el uso de cannabis en la adolescencia, cabe destacar que esta asociación es más frecuente en el uso precoz y regular de cañabais. CONCLUSIÓN: Los síntomas depresivos/Depresión están relacionados al uso/abuso y dependencia de cañabais en la adolescencia, siendo entonces importante que estas variables puedan ser investigadas en la pr

  13. Frequência de adesão aos "10 Passos para uma Alimentação Saudável" em escolares adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Shanda de Freitas Couto

    2014-05-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi avaliar a frequência de adesão aos "10 Passos para uma Alimentação Saudável" do Ministério da Saúde, em adolescentes de escolas de Ensino médio de Pelotas (RS. Foi realizado um estudo transversal de base escolar incluindo 1233 adolescentes de 13 a 19 anos. A frequência de cada passo foi coletada através de um questionário de frequência de consumo de alguns alimentos e outros aspectos contidos nos "10 Passos". A média de passos alcançados foi de 1,8. Ressalta-se que nenhum adolescente aderiu a todos os passos recomendados A maior frequência de adesão foi encontrada no passo 4, referente ao consumo de arroz e feijão; e menores frequência de adesão nos passos 7, referentes ao consumo de refrigerantes, sucos industrializados, doces e guloseimas, e passo 3, relativo ao consumo de Frutas/legumes/hortaliças. A adesão aos "10 passos para uma alimentação saudável" pelos adolescentes foi muito baixa. Considerando a importância de uma alimentação saudável na adolescência, recomenda-se maior investimento em políticas públicas na área de alimentação e nutrição.

  14. Determinantes do consumo de frutas e hortaliças em adolescentes por regressão quantílica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roberta Schein Bigio

    2011-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar o consumo de frutas, legumes e verduras (FLV de adolescentes e identificar fatores associados. MÉTODOS: Estudo transversal de base populacional com amostra representativa de 812 adolescentes de ambos os sexos de São Paulo, SP, em 2003. O consumo alimentar foi medido pelo recordatório alimentar de 24 horas. O consumo de FLV foi descrito em percentis e para investigar a associação entre a ingestão de FLV e variáveis explanatórias; foram utilizados modelos de regressão quantílica. RESULTADOS: Dos adolescentes entrevistados, 6,4% consumiram a recomendação mínima de 400 g/dia de FLV e 22% não consumiram nenhum tipo de FLV. Nos modelos de regressão quantílica, ajustados pelo consumo energético, faixa etária e sexo, a renda domiciliar per capita e a escolaridade do chefe de família associaram-se positivamente ao consumo de FLV, enquanto o hábito de fumar associou-se negativamente. Renda associou-se significativamente aos menores percentis de ingestão (p20 ao p55; tabagismo aos percentis intermediários (p45 ao p75 e escolaridade do chefe de família aos percentis finais de consumo de FLV (p70 ao p95. CONCLUSÕES: O consumo de FLV por adolescentes paulistanos mostrou-se abaixo das recomendações do Ministério da Saúde e é influenciado pela renda domiciliar per capita, pela escolaridade do chefe de família e pelo hábito de fumar.

  15. Consumo de substâncias psicoativas em uma amostra de adolescentes e sua relação com o comportamento sexual

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciane Miozzo

    2013-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar o consumo de substâncias psicoativas e o padrão de comportamento sexual em alunos do ensino médio, na cidade de Serafina Corrêa - RS, com uma população aproximada de 15 mil habitantes. MÉTODO: Em estudo transversal, a amostra foi composta por todos os alunos, de ambos os sexos, que estavam cursando o ensino médio nessa cidade. Foram aplicados: um questionário para verificação das variáveis sociodemográficas, um sobre comportamento sexual e outro sobre o consumo de drogas. RESULTADOS: A amostra constituiu-se de 453 alunos, sendo 261 (57,62% do sexo feminino. A droga mais usada durante a vida foi o álcool (82,34%, seguida por tabaco (12,58%, maconha (6,62% e cocaína (5,30%. Em relação ao comportamento sexual dos adolescentes, observou-se que 247 (54,5% referiram já ter tido relação sexual. Foi encontrada uma associação entre o adolescente já ter utilizado drogas em geral (p < 0,001, álcool (p < 0,001 ou tabaco (p = 0,023 e já ter tido relação sexual. CONCLUSÃO: O estudo permitiu conhecer o uso de drogas e características do comportamento sexual dos adolescentes dessa cidade e poderá ser útil para a elaboração de um programa de intervenção para diminuir os fatores de risco para drogadição, incluindo a educação para a promoção da saúde.

  16. Adolescentes com experiência de vida nas ruas: compreendendo os significados da Maternidade e Paternidade em um contexto de vulnerabilidade/desfiliação

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniela Tavares Gontijo

    2007-12-01

    Full Text Available Crianças e adolescentes fazendo das ruas seu espaço de sobrevivência traz à tona o processo de vulnerabilidade social vivenciado por muitas famílias brasileiras marcadas pela situação de miséria, abandono e violência. Nestes grupos Castel (2005 identifica um processo crescente de fragilização e ruptura dos laços que as inserem no trabalho e nas relações sociais que lhes servem de suporte no cotidiano, podendo culminar na situação de desfiliação, tornando os indivíduos supranumerários, uma vez que flutuam na estrutura social sem encontrar um lugar designado. Neste contexto, muitos adolescentes vivenciam a sexualidade e a possibilidade ou a experiência de ser tornarem pais ou mães, baseados nos valores individuais mas também relacionados às limitações e possibilidades subjacentes a estes processos. O objetivo deste estudo foi analisar os significados de maternidade e paternidade para adolescentes com experiência de vida nas ruas, relacionando-os ao processo de vulnerabilidade/desfiliação discutido por Castel. Pesquisa social estratégica realizada em duas instituições não-governamentais que assistem adolescentes em situação de rua no município de Goiânia. Participaram deste estudo 13 adolescentes com idade entre 12 e 17 anos que viviam em situação de rua há pelo menos 6 meses. Os dados, coletados por meio de entrevistas semi-estruturadas e observação participante, e analisados no Método de Interpretação de Sentidos segundo os temas A Danada da Rua e Pai apóia, mãe é 24hs. De uma forma geral, foi possível identificar como o processo de vulnerabilidade e desfiliação caracteriza e marca a trajetória de vida destes adolescentes. Além disso, que os processos de significação da maternidade e paternidade são impregnados tanto pelo contexto vivenciado, como também por valores relacionados às relações de gênero consideradas tradicionais na sociedade contemporânea. Assim, foi possível identificar

  17. QUEMERINA E FATORES RELACIONADOS AO RISCO CARDIOVASCULAR EM CRIANÇAS E ADOLESCENTES: UMA REVISÃO SISTEMÁTICA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vanessa Sequeira Fontes

    2018-01-01

    Full Text Available RESUMO Objetivo: Sintetizar os achados sobre a quemerina e os fatores relacionados ao risco cardiovascular em crianças e adolescentes. Fontes de dados: Realizou-se uma revisão sistemática de acordo com os itens propostos pela diretriz PRISMA nas bases de dados PubMed, Science Direct e Lilacs. Utilizaram-se os descritores chemerin de forma associada a children e adolescent, sem limite de tempo. A pesquisa limitou-se a artigos originais realizados com seres humanos, em língua inglesa, excluindo-se a população adulta e idosa, assim como os artigos de revisão, comunicação breve, cartas e editoriais. Síntese dos dados: Após análise dos estudos por dois revisores, de forma independente, segundo os critérios de elegibilidade, permaneceram na revisão sete artigos, publicados entre 2012 e 2016. Foram incluídos estudos de delineamento transversal, prospectivo, coorte e caso-controle. A importância da adipocina quemerina nos fatores de risco para doenças cardiovasculares é demonstrada por meio de sua associação com obesidade e diabetes melito, assim como com parâmetros clínicos, antropométricos e bioquímicos. Entretanto, a força da evidência dos estudos é relativamente baixa, em função da heterogeneidade das publicações, destacando-se como limitações o número reduzido das amostras e sua ausência de representatividade, a falta de padronização dos métodos de dosagem, o delineamento transversal de grande parte dos estudos e a impossibilidade de extrapolação dos resultados. Conclusões: A desregulação da quemerina provocada pelo aumento de tecido adiposo pode contribuir para o aparecimento de doenças cardiovasculares, sugerindo que tal adipocina tem papel relevante na identificação precoce de indivíduos em risco.

  18. Associações entre impulsividade, compulsão alimentar e obesidade em adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cibele Pereira

    2011-01-01

    Full Text Available La impulsividad puede ser un componente importante en el contexto de atracones y la obesidad. Objetivo, Presentación de un protocolo con el uso de prueba Palográfico para medir la impulsividad. Métodos, 60 adolescentes (10 - 20 años, Md, 13,97 años, SD 2.17 de ambos sexos se evaluaron el IMC, los atracones y la impulsividad. Resultados: Los atracones eran frecuentes en las niñas y la impulsividad en los niños. 38% de la muestra estaban por encima del peso saludable y de estos, el 13% de forma simultánea con la obesidad la obesidad / mórbida, los atracones y las puntuaciones más altas de la impulsividad. La asociación entre el IMC y la impulsividad anotó valores próximos al nivel de significación en el estudio (chi cuadrado = 14,85, gl = 8, p =. 062. Conclusión, La prueba Palográfico mostró buena sensibilidad y especificidad justifica la aplicación de este protocolo en los diseños de estudio con muestras más grandes y centrados in las diferencias sexuales.

  19. Signs and symptoms of temporomandibular disorders in adolescents Sinais e sintomas de disfunção temporomandibular em adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leonardo Rigoldi Bonjardim

    2005-06-01

    Full Text Available The aim of this study was to verify the prevalence of signs and symptoms of temporomandibular disorders (TMD in adolescents and its relationship to gender. The sample comprised 217 subjects, aged 12 to 18. The subjective symptoms and clinical signs of TMD were evaluated, using, respectively, a self-report questionnaire and the Craniomandibular Index, which has 2 subscales; the Dysfunction Index and the Palpation Index. The results of muscle tenderness showed great variability (0.9-32.25%. In relation to the temporomandibular joint, tenderness of the superior, dorsal and lateral condyle regions occurred in 10.6%, 10.6% and 7.83%, respectively, of the sample. Joint sound during opening was present in 19.8% of the sample and during closing in 14.7%. The most prevalent symptoms were joint sounds (26.72% and headache (21.65%. There was no statistical difference between genders (p > 0.05, except for the tenderness of the lateral pterygoid muscles, which presented more prevalence in girls. In conclusion, clinical signs and symptoms of TMD can occur in adolescents; however, gender influence was not perceived.O objetivo deste estudo foi verificar a prevalência de sinais e sintomas de disfunção temporomandibular (DTM em adolescentes e sua relação com o gênero. A amostra foi constituída de 217 voluntários, com idade entre 12 e 18 anos. Os sintomas subjetivos e os sinais clínicos de DTM foram avaliados usando-se, respectivamente, um questionário e o "Craniomandibular Index", o qual possui 2 subescalas: "Dysfunction Index" e "Palpation Index". Os resultados para sensibilidade muscular mostraram grande variabilidade (0,9-32,25%. Com relação à articulação temporomandibular, a sensibilidade à palpação nas regiões superior, dorsal e lateral do côndilo ocorreu, respectivamente, em 10,6%, 10,6% e 7,83% da amostra. A prevalência do ruído articular no movimento de abertura foi de 19,8% e no fechamento, 14,7%. Os sintomas relatados mais

  20. Religiosidade, consumo de bebidas alcoólicas e tabagismo em adolescentes Religiousness, alcohol consumption and smoking in adolescence

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jorge Bezerra

    2009-11-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar a associação entre religiosidade e exposição ao consumo de bebidas alcoólicas e ao tabagismo em adolescentes. MÉTODOS: A amostra compreendeu 4 210 estudantes do ensino médio da rede pública no Estado de Pernambuco, selecionados através de amostragem por conglomerados em dois estágios. As informações foram coletadas a partir do questionário Global school-based student health survey (GSHS. Foram considerados expostos às bebidas alcoólicas e ao tabagismo os adolescentes que relataram consumo em pelo menos 1 dos últimos 30 dias, independentemente da intensidade da exposição. As variáveis relacionadas à religiosidade foram afiliação a uma religião e ser praticante de alguma religião. RESULTADOS: A prevalência de exposição ao consumo de bebidas alcoólicas foi de 30,3% (IC95%: 28,9 a 31,7, significativamente superior entre os rapazes (38,6% em comparação às moças (24,8%. A prevalência de exposição ao tabagismo foi de 7,8% (IC95%: 7,0 a 8,7, maior entre os rapazes (9,8% do que entre as moças (6,2%. As análises brutas evidenciaram que, independentemente do sexo, a exposição ao consumo de bebidas alcoólicas e ao tabagismo foi inversamente associada tanto à afiliação quanto à prática religiosa. O ajustamento das análises por meio de regressão logística permitiu observar que, independentemente da afiliação, o adolescente que se considerava praticante de uma religião teve menor chance de relatar exposição ao consumo de bebidas alcoólicas (razão de chances, OR = 0,71; IC95%: 0,60 a 0,83 e ao tabagismo (OR = 0,61; IC95%: 0,46 a 0,79. CONCLUSÕES: Os resultados do presente estudo sugerem que a religiosidade pode atuar como modulador da exposição ao consumo de álcool e ao tabagismo na adolescência. Futuros estudos deverão analisar como o efeito protetor da religiosidade pode ser potencializado em intervenções e campanhas de saúde.OBJECTIVE: To analyze the association between

  1. Os desafios da prática socioeducativa de previsão de liberdade em adolescentes em conflito com a lei: ressocialização ou exclusão social?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Estevam, Ionara Dantas

    2009-01-01

    Full Text Available A criminalidade e a violência praticada por adolescentes são atualmente, um problema social, político e institucional afligindo famílias e desafiado a sociedade política a apresentar respostas institucionais efetivas e eficazes. Objetivou identificar as representações sociais (RS da prática socioeducativa de privação de liberdade. Para tanto a amostra foi não-probabilística e intencional construída de 115 adolescentes (institucionalizados em conflito com a lei e privados de liberdade, que responderam a um Teste de Associação Livre de Palavras. Os dados coletados foram submetidos à Análise de Fatorial de Correspondência pelo software tri-deux-mots. Os resultados predominam representações negativas da prática socioeducativa de privação de liberdade e da instituição ressocializadora, esses adolescentes atribuem significados a si mesmos, constituem suasubjetividade e definem seu papel enquanto sujeitos sociais. Urge uma compreensão da complexidade dos aspectos biopsicossociais da ressocialização de adolescentes institucionalizados

  2. Prevalência e associação de asma e rinite em adolescentes de 13 e 14 anos de Fortaleza, Ceará, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria de Fátima Gomes de Luna

    2011-01-01

    Full Text Available Objetivou-se avaliar a prevalência e associação de asma e rinite. Trata-se de estudo transversal envolvendo 3.015 adolescentes de 13-14 anos de Fortaleza, Ceará, Brasil, de escolas públicas e privadas, utilizando-se o protocolo do International Study of Asthma and Allergies in Childhood (ISAAC, em 2006/2007. A prevalência de asma foi 22,6%; de rinite, 43,2% e de rinoconjuntivite, 18,7%, predominando no sexo feminino (p = 0,002, p < 0,001 e p < 0,001, respectivamente e nos adolescentes das escolas privadas (p < 0,001. Entre os adolescentes que relataram asma, a taxa de rinite foi de 64,4% e de rinoconjuntivite, 35,3%. A taxa da associação asma-rinite na população foi de 14,6%, e asma-rinoconjuntivite, 8%, predominando no sexo feminino (p < 0,001 e p < 0,001, respectivamente e associando-se a sibilos com limite da fala (p = 0,037 e p = 0,004, respectivamente. O estudo pode contribuir para alertar os profissionais de saúde quanto à importância da abordagem integrada dessas enfermidades, considerando o conceito da "via aérea única" e buscando opções de tratamento que atuem nas duas condições quando presentes simultaneamente.

  3. Abordagem da hipertrigliceridemia severa na gravidez: a propósito de um caso clínico

    OpenAIRE

    Giestas, A.; Palma, I.; Teixeira, S.; Carvalho, R.; Pichel, F.; Ramos, M. H.

    2008-01-01

    RESUMO Durante a gravidez o metabolismo lipídico é afectado pelas hormonas placentárias de modo a assegurar um adequado aporte nutricional para o feto, constatando-se um aumento fisiológico dos níveis de triglicerídeos (TG), em particular no terceiro trimestre. Se o aumento do valor dos triglicerídeos for superior ao esperado na gravidez a paciente deve ser cuidadosamente monitorizada. A principal complicação da hipertrigliceridemia severa é a pancreatite aguda que está associa...

  4. Complete mole in a dichorionic twin pregnancy after intracytoplasmic sperm injection Mola hidatiforme completa em gravidez bicoriônica após injecção intracitoplasmática de espermatozoides

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tiago José Santos de Matos Ferraz

    2013-01-01

    Full Text Available A dichorionic twin pregnancy with complete hydatidiform mole and coexistent fetus is a rare and challenging situation, whose pathogenesis has not been yet fully understood. We present a case of a 39-year-old woman who underwent intracytoplasmic sperm injection with two embryos transfer. The 12-week gestation ultrasound examination revealed normal fetus and placenta with features of hydatidiform mole, leading to pregnancy termination. Autopsy and histological examinations diagnosed a complete mole coexisting with a normal fetus, and the genetic analysis showed a diploid fetus with biparental genome and molar tissue with paternal diploidy. This case highlighted that complete molar pregnancies may still occur even though pregnancy is achieved after intracytoplasmic sperm injection. A review of the literature was performed by collecting data from the few similar reported cases and by commenting on the pathogenesis of this rare condition.Uma gravidez bicoriônica com mola hidatiforme completa e feto normal é uma situação rara e desafiadora, cuja patogênese não foi ainda totalmente compreendida. Apresenta-se o caso de uma mulher de 39 anos submetida à injeção intracitoplasmática de espermatozoides com transferência de dois embriões. Na ecografia pré-natal realizada na 12ª semana de gestação, foi identificado um embrião morfologicamente normal e uma placenta com características molares. Esta situação resultou na terminação eletiva da gravidez. A autópsia e o estudo histológico permitiram o diagnóstico definitivo de uma mola hidatiforme completa coexistindo com feto normal. A análise genética mostrou feto diploide com genoma biparental e tecido molar com diploidia paterna. Este caso ressaltou que as gestações com mola hidatiforme completa poderão ainda ocorrer, mesmo que a gravidez seja realizada após uma injeção intracitoplasmática de espermatozoides. Foram realizadas uma revisão dos raros casos descritos na literatura

  5. Adiposidade corporal e hipertensão arterial em crianças e adolescentes obesos - doi:10.5020/18061230.2009.p88

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Joel Saraiva Ferreira

    2012-01-01

    Full Text Available Objetivo: Investigar a relação entre a hipertensão arterial e adiposidade corporal em crianças e adolescentes obesos. Métodos: Estudo transversal no qual 129 crianças e adolescentes obesos de ambos os gêneros com idade variando de 7 a 14 anos foram avaliados. A adiposidade foi caracterizada a partir dos dados obtidos como: índice de massa corporal (IMC, percentual de gordura corporal (%GC e relação cintura-quadril (RCQ. O grupo foi dividido em dois subgrupos (normotensos e hipertensos mediante o nível de pressão arterial (PA. O teste estatístico de Kruskal Wallis foi empregado para determinar a significância na relação entre dados antropométricos e níveis de pressão arterial. Adotou-se um valor de p ? 0,05. Resultados: Verificou-se que 101 (78,29% participantes eram normotensos e 28 (21,71% hipertensos. Em relação à adiposidade, o grupo dos hipertensos apresentou níveis mais elevados de IMC e o %GC quando comparado com o normotenso (p<0,05. A partir dos dados da RCQ, não houve associação estatística entre a relação cintura-quadril e o nível pressórico. Conclusões: As crianças e adolescentes obesos apresentaram relação estatisticamente significativa entre adiposidade corporal e níveis de pressão arterial; no entanto, a localização da gordura não foi um fator determinante desta diferença.

  6. Fatores de risco sociais, familiares e comportamentais para obesidade em adolescentes Social, familial, and behavioral risk factors for obesity in adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo Monteiro

    2004-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar fatores de risco sociais, familiares, comportamentais e psicológicos para obesidade na adolescência. MÉTODO: Estudo de casos e controles aninhado a uma coorte de base populacional seguida desde o nascimento, em 1982. Os casos incluíram os adolescentes obesos conforme a definição da Organização Mundial da Saúde. Os controles foram constituídos por uma amostra aleatória da coorte, examinada em 1997 e 1998. Informações sobre fatores de risco foram obtidas dos arquivos da coorte, coletadas em diversas idades. A análise multivariada foi realizada por regressão logística. RESULTADOS: Os fatores de risco variaram conforme o sexo. Em meninos, a renda familiar maior que 1 salário-mínimo ao nascer aumentou o risco de obesidade em 6 vezes; o traço de ansiedade aumentou esse risco em 4 vezes. O risco aumentou em 10% para cada aumento unitário do índice de massa corporal materno pré-gestacional, em ambos os sexos. O peso materno atual, o fumo, a ingestão de gorduras, e o tempo despendido assistindo à televisão e em atividades físicas não se associaram com obesidade. CONCLUSÕES: Os resultados indicam que é importante estratificar por sexo os dados de estudos sobre obesidade. Além disso, os fatores relativos a fases precoces da vida mostraram-se mais fortemente associados com obesidade em adolescentes do que os fatores medidos durante a adolescência. Entretanto, não se pode excluir a possibilidade de viés, por exemplo, em termos da informação fornecida pelos adolescentes acerca de dieta e exercício físico. Sempre que possível, o estudo dos fatores de risco contemporâneos para obesidade em adolescentes deve considerar o papel de fatores precoces na vida como prováveis fontes de confusão.OBJECTIVE: To examine the impact of different social, familial, and behavioral factors on the risk of developing obesity in adolescents. METHODS: We performed a case-control study nested in a population-based cohort

  7. DERECHOS SEXUALES Y REPRODUCTIVOS: CONFIDENCIALIDAD Y VIH/SIDA EN ADOLESCENTES CHILENOS DIREITOS SEXUAIS E REPRODUTIVOS: CONFIDENCIALIDADE E HIV/AIDS EM ADOLESCENTES CHILENOS REPRODUCTIVE AND SEXUAL RIGHTS: CONFIDENTIALITY AND HIV/AIDS IN CHILEAN ADOLESCENTS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ester Valenzuela Rivera

    2007-11-01

    Full Text Available Los adolescentes enfrentan obstáculos culturales e institucionales al momento de concurrir a los servicios de salud en busca de atención en salud sexual y reproductiva. Los jóvenes que se autoperciben de riesgo en VIH/SIDA experimentan discriminación por consideraciones socioeconómicas, y se vulnera su derecho a acceder a servicios de salud bajo un marco de confidencialidad, desconociendo el principio de autonomía progresiva y la evolución de sus facultades. La Convención Internacional de los Derechos del Niño (CIDN, ratificada por Chile, provee un marco jurídico que propicia un diálogo y una nueva relación de los adolescentes con la familia, el Estado y la sociedad, e instala un nuevo paradigma a partir del cual la infancia y la adolescencia son consideradas sujetos de derechosOs adolescentes enfrentam barreiras culturais e institucionais no momento se utilizarem os serviços de saúde em busca de cuidados de saúde sexual e reprodutiva. Os jovens que se auto percebem como de risco HIV/AIDS, são discriminados por questões sócio-econômicas e se enfraquece seu direito de acesso aos serviços de saúde sob um marco de confidencialidade, desconhecendo o princípio de autonomia progressiva e a evolução de suas faculdades. A Convenção Internacional de Direitos da Criança, ratificada pelo Chile, prevê um marco jurídico que possibilita um diálogo e uma nova relação dos adolescentes com a família, o Estado e a Sociedade, e instala um novo paradigma a partir do qual a infância e a adolescência são considerados como sujeitos de direitosAdolescents face cultural and institutional obstacles when visiting health care services searching for sexual and reproductive health care. Youngsters who consider themselves at risk for HIV/AIDS undergo discrimination due to socioeconomic reasons, and their right to health care access is infringed under a confidential framework. The principle of progressive autonomy and the evolution of their

  8. Use of contraceptive methods by sexually active teenagers in Pelotas, Rio Grande do Sul State, Brazil Uso de métodos anticoncepcionais em adolescentes sexualmente ativos de 15 a 18 anos em Pelotas, Rio Grande do Sul, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Clarissa Lisbôa Arla da Rocha

    2007-12-01

    Full Text Available This study aimed to assess the prevalence of contraceptive use by adolescents. A cross-sectional study was performed from March to September 2002 in a representative sample of adolescents 15 to 18 years of age in the urban area of Pelotas, Rio Grande do Sul State, Brazil. Multiple-stage sampling was used, and in the 448 census tracts located in the urban area, 90 were sampled and households were visited in each tract. Information was collected on sexual initiation and use of contraceptive methods. Chi-square test was used to compare proportions. The sample included 960 adolescents. 88% of subjects reported the use of any contraceptive method. Condoms were the most commonly used method (63.2%. Low adolescent schooling was the only variable associated with increased risk of non-use of contraceptives. Condom use was higher among males, adolescents whose mothers had 9 or more years of schooling, and those reporting several sexual partners in the previous year. Condoms were the most commonly used contraceptive method.O estudo avaliou o uso de métodos contraceptivos em adolescentes. Entre março e setembro de 2002, realizou-se um estudo transversal na zona urbana da cidade de Pelotas, Rio Grande do Sul, Brasil. A amostragem foi em múltiplos estágios, 90 dos 448 setores censitários da zona urbana de Pelotas foram sorteados e em cada setor 86 residências foram visitadas. Considerou-se a informação do adolescente sobre a prática de relações sexuais e do uso de métodos contraceptivos. Nas comparações entre as proporções utilizou-se o teste do qui-quadrado. Foram entrevistados 960 adolescentes, enquanto que para 79 não foi possível realizar a entrevista. Aproximadamente 88% dos adolescentes usavam algum método contraceptivo. O preservativo masculino foi encontrado como o método mais usado naqueles adolescentes que têm relação sexual (63,2%. A escolaridade do adolescente foi a única variável associada com o uso de contraceptivos. O

  9. Tratamento do transtorno de ansiedade social em crianças e adolescentes Treatment of social anxiety disorder in children and adolescents

    OpenAIRE

    Luciano Isolan; Gabriel Pheula; Gisele Gus Manfro

    2007-01-01

    CONTEXTO: Transtorno de ansiedade social é um transtorno incapacitante e altamente prevalente em crianças e adolescentes ao longo da vida, de acordo com os critérios do DSM-IV, variando de 0,7% a 3,5%. Se não tratado, pode interferir no funcionamento emocional, social e escolar. OBJETIVOS: Avaliar a evidência atual para a eficácia e efetividade de intervenções farmacológicas e psicoterápicas no tratamento do transtorno de ansiedade social na infância e na adolescência. MÉTODOS: Pesquisas fora...

  10. Caracterização do perfil da violência sexual em crianças e adolescentes no Rio Grande do Sul

    OpenAIRE

    Carolina Barbosa Silva; Bibiana Lopes Bastos; Camila Ribeiro Santos; Michele da Silva Moraes; Lia Gonçalves Possuelo

    2016-01-01

    Justificativa e objetivos: A violência sexual infantil é uma das causas de maior morbidade e mortalidade infantil no Brasil e no mundo, onde foi reconhecida como crime desde a década de 80, a partir da Constituição e Estatuto da criança e do adolescente. Considerada uma experiência traumática na infância ou adolescência que reflete em atos para toda vida, tanto físicos como psicológicos, visto pela sociedade como agentes transgressores dos direitos da infância. Este estudo tem como objetivo ...

  11. Bullying, vinculação e estilos educativos parentais em adolescentes do 3º ciclo do ensino básico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sónia Catarina Carvalho Simões

    2015-02-01

    Full Text Available Objetivos: Dado que a literatura salienta o impacto da vinculação e do comportamento parental nos comportamentos de bullying, temos como objetivo estudar os comportamentos de bullying, de visibilidade crescente em adolescentes no contexto escolar, e a sua relação com a qualidade da vinculação e os estilos educativos parentais. Método: A amostra deste estudo envolveu 50 adolescentes, 26 raparigas e 24 rapazes, com idades entre os 12 e os 17 anos (M = 14,24. O protocolo foi composto por: Questionário de Exclusão Social e Violência Escolar (QEVE, Inventário de Vinculação na Adolescência (IPPA e A Parental Rearing Style Questionnaire for use with Adolescents (EMBU-A. Resultados: Os adolescentes da nossa amostra tendem a ser mais observadores em situações de bullying, sendo os tipos de violência mais frequentes a exclusão social e a agressão verbal. As vítimas de bullying são mais frequentemente jovens de nível socioeconómico baixo e as raparigas são mais observadoras de exclusão social e agressão verbal do que os rapazes. No que respeita à vinculação, os jovens com mais comportamentos agressivos percecionam menor comunicação e confiança em relação ao pai e aos amigos e quando se sentem alienados face aos seus pares, estão mais sujeitos a serem vítimas de bullying. Por fim, relativamente aos estilos educativos parentais, os adolescentes mais agressivos tendem a ser os que sentem maior rejeição e menor suporte emocional maternos. Conclusões: Fica, então, sublinhada a importância para os comportamentos de bullying dos estilos educativos parentais e da qualidade da vinculação dos jovens com as figuras significativas. Estas conclusões remetem-nos para implicações ao nível da prevenção deste fenómeno, sendo importante não só considerar variáveis individuais, mas também como o sujeito interage em todos os seus sistemas de pertença, focando a construção de relações afetivas.

  12. Dieta cetogênica para epilepsia intratável em crianças e adolescentes: relato de seis casos

    OpenAIRE

    Vasconcelos,Marcio M.; Azevedo,Patricia M. Couto; Esteves,Lívia; Brito,Adriana R.; Olivaes,Maria Cecílea D. de; Herdy,Gesmar V. Haddad

    2004-01-01

    OBJETIVO: Descrever a introdução e o manejo da dieta cetogênica em um grupo de seis crianças e adolescentes com epilepsia refratária. MÉTODOS: Os autores reviram o prontuário médico de cada paciente menor de 15 anos submetido à dieta cetogênica entre abril de 1999 e julho de 2003 e compararam os resultados terapêuticos e efeitos adversos e benéficos com a literatura pertinente. RESULTADOS: A dieta cetogênica foi introduzida para seis pacientes, com idade mediana de sete anos (faixa: 1,8-12,2)...

  13. Uma análise psicanalítica dos conflitos adolescentes em "Catcher in the rye" de J. D. Salinger: Fantasia, realidade e identidade

    OpenAIRE

    Bastos, Carolina Ramos

    2013-01-01

    Dissertação de Mestrado em Psicologia Clínica, apresentada ao ISPA - Instituto Universitário O presente estudo constitui um exercício de Psicanálise Aplicada a “À espera no Centeio”, de J. D. Salinger. A obra contém uma poderosa história sobre os traumas e conflitos internos do adolescente, pretendendo-se trazer à luz novos possíveis sentidos da mesma sob a perspectiva de uma leitura psicanalítica, numa abordagem interpretativa que permita a descoberta de novos sentidos na leit...

  14. A rela??o entre os estilos de socializa??o materna e as concep??es de perd?o em adolescentes.

    OpenAIRE

    Santos, Lydia Maria Sena e

    2014-01-01

    O presente estudo buscou analisar a rela??o entre a percep??o dos adolescentes sobre os estilos de socializa??o materna e concep??es sobre perd?o. Os estilos de socializa??o parental s?o definidos como padr?es de atua??o caracter?sticos, que os pais utilizam em diversas situa??es do cotidiano. Esses padr?es caracterizam-se por um conjunto de t?cnicas e formas de atua??o dos pais, que abrangem desde atitudes de aceita??o at? atitudes de controle dos comportamentos indesejados, al?m da imposi??...

  15. Influência das práticas parentais nas estratégias de coping e de savoring utilizadas pelos adolescentes em contexto escolar

    OpenAIRE

    Tristão, Nádia Andreia Alves Farinha

    2009-01-01

    Tese de mestrado, Psicologia (Secção de Psicologia da Educação e da Orientação), 2009, Universidade de Lisboa, Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação O presente estudo foi realizado com o intuito de investigar a influência das práticas educativas parentais nas estratégias de coping utilizadas pelos adolescentes em contexto escolar e explorar o papel que assumem também nas suas estratégias de savoring. Nesse sentido adoptaram-se as perspectivas de Maccoby e Martin (1983) sobre as...

  16. Freqüência de consumo de dietas ricas em gordura e pobres em fibra entre adolescentes Frequency of high-fat and low-fiber diets among adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marilda Borges Neutzling

    2007-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Descrever a freqüência e os fatores associados ao consumo de dietas ricas em gordura e pobres em fibra em adolescentes. MÉTODOS: Estudo de delineamento transversal com adolescentes de 10 a 12 anos, realizado em 2004/2005, em Pelotas, RS. A freqüência alimentar no ano anterior à pesquisa foi avaliada pelo questionário de Block, composto por 24 itens alimentares, pontuados de acordo com a freqüência de consumo de alimentos ricos em fibras e gorduras. Na análise bruta, as prevalências de dietas ricas em gordura e pobres em fibra foram comparadas conforme sub-grupos das variáveis independentes (sexo, cor da pele, nível socioeconômico, escolaridade materna e estado nutricional do adolescente. Para controle de fatores de confusão, uma análise multivariável por regressão de Poisson foi realizada para cada desfecho. RESULTADOS: Foram encontrados 4.452 adolescentes, representando 87,5% da coorte original. A maioria dos jovens (83,9% consumia dieta pobre em fibra, e mais de um terço deles (36,6% consumia dieta rica em gordura. O nível socioeconômico e a escolaridade materna mostraram-se diretamente associados com a prevalência de consumo de dietas ricas em gordura. Jovens dos níveis socioeconômicos A+B e C apresentaram menor freqüência de consumo de dietas pobres em fibra. CONCLUSÕES: A prevalência de dietas ricas em gordura e pobres em fibra foi elevada nessa população de adolescentes. Políticas públicas dirigidas aos determinantes dos hábitos alimentares são necessárias e urgentes.OBJECTIVE: To describe the frequency and associated factors of high-fat and low-fiber diets among adolescents. METHODS: A cross-sectional study was carried out in adolescents aged 10-12 years in Pelotas, southern Brazil, in 2004 and 2005. Dietary patterns in the previous 12 months were evaluated using the Block questionnaire comprising 24 food items scored according to the frequency of consumption of high-fat and low-fiber food. In

  17. Prevalência do uso de medicamentos na gravidez: uma abordagem farmacoepidemiológica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Márcia Regina Campos Costa da Fonseca

    2002-04-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: Tendo em vista as mudanças freqüentes do mercado de medicamentos que influenciam o padrão de prescrição e automedicação, realizou-se estudo para conhecer a utilização de medicamentos entre mulheres durante a gravidez. MÉTODOS: Em um estudo retrospectivo sobre o padrão do uso de medicamentos durante a gravidez realizado em um hospital-escola de Campinas, SP, 1.000 puérperas foram entrevistadas após o parto, ainda no hospital, por meio de um questionário estruturado. Foram registrados: características sociodemográficas, antecedentes obstétricos e de contracepção, dados sobre assistência pré-natal e sobre uso de medicamentos na gravidez. Para análise estatística dos dados, foram utilizados Anova e qui-quadrado considerando o nível de significância (sinal de menor a 0,05. RESULTADOS: Das entrevistadas, 94,6% tomaram pelo menos um medicamento durante a gravidez, e 46,1% das pacientes utilizaram medicamentos no primeiro trimestre. Dos 3.778 itens de medicamentos relatados, 88,8% foram prescritos por médico. A mediana de medicamentos utilizados foi de 3 (0-18. As seis classes de medicamentos mais usados foram: analgésicos, antiespasmódicos, antiinfecciosos ginecológicos, antianêmicos, antiácidos e antibióticos sistêmicos. Os cinco medicamentos mais utilizados foram: butilescopolamina, sulfato ferroso, dipirona, nistatina e multivitaminas. Apenas 27,7% das pacientes haviam sido alertadas para o risco de utilizar medicamentos na gravidez. CONCLUSÃO: Conhecer o perfil dos medicamentos usados na gravidez pode ajudar a planejar programas de esclarecimento para pacientes e de educação continuada para profissionais de saúde.

  18. Anemia e deficiência de ferro em gestantes adolescentes Anemia and iron deficiency in pregnant adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elizabeth FUJIMORI

    2000-12-01

    Full Text Available Por meio de dosagem de ferritina sérica, transferrina sérica, hemoglobina e hematócrito, caracterizou-se o estado nutricional de ferro de 79 gestantes adolescentes de primeira consulta pré-natal (£ 20 semanas de gestação, atendidas na Rede Básica de Saúde de um Município da Grande São Paulo. Todos os valores hematológicos estudados foram menores entre as gestantes do segundo trimestre gestacional em relação às do primeiro, sendo as diferenças estatisticamente significativas (pThe objective of this study was to characterize iron nutritional status of 79 pregnant adolescents, at first prenatal consultation (<= 20 weeks of gestation, in the Primary Health System of a district of Great São Paulo, through the serum ferritin, serum transferrin, hemoglobin and hematocrit determinations. All the hematologic values studied were smaller for the pregnant adolescents in the second gestational trimester than for the ones in the first. Statistically significant differences (p.<.0.05 were found just for hemoglobin. It was verified that 64.3% and 32.1% had, respectively, less than 500.mg and 300.mg of organic iron reservations, and 5.4% presented serious lack of this mineral. By World Health Organization criterion 19.0% of the pregnant women were iron-deficient (Saturation of Transferrin <.16% and 13.9% were anemic (Hemoglobin.<.11 g/dl.

  19. Plaqueta e leptina em adolescentes com obesidade Platelet and leptin in obese adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Denis Foschini

    2008-12-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Analisar a influência de obesidade na contagem de células imunológicas e na concentração dos hormônios cortisol e leptina, a fim de estabelecer uma relação entre as variáveis analisadas. MÉTODOS: Foram recrutados 27 adolescentes obesos [índice de massa corporal (IMC ≥ percentil 95[ e 21 não-obesos (IMC ≤ percentil 75, de ambos os sexos, com idade entre 15 e 19 anos, na fase pós-púbere. O IMC foi calculado através da divisão do peso pela altura ao quadrado e a composição corporal foi estimada por pletismografia no sistema Bod PodTM. Amostras de sangue foram colhidas para análise de leucócitos, neutrófilos, linfócitos, monócitos, plaquetas, cortisol e leptina. O teste de Kolmogorov-Smirnov foi utilizado, seguido pelo teste t de Student independente supondo distribuição normal. O nível de significância estabelecido foi p OBJECTIVE: To analyze the influence of obesity status on immune cell count and concentration of the hormones cortisol and leptin, in order to establish a relationship among the variables analyzed. METHODS: We recruited 27 obese [body mass index (BMI ≥ 95th percentile[ and 21 non-obese (BMI ≤ 75th percentile adolescent boys and girls, aged 15-19 years at the post-pubertal stage. BMI was calculated as body weight divided by height squared, and body composition was estimated by plethysmography in the Bod PodTM system. Blood samples were collected to analyze leukocytes, neutrophils, lymphocytes, monocytes, platelets, cortisol, and leptin. The Kolmogorov-Smirnov test was performed, followed by the independent Student t test in case of normal distribution. Significance values were set at p < 0.05 and expressed as means ± standard deviation. The statistical package SPSS for Windows version 12.0 was used. RESULTS: There was no difference between obese and non-obese adolescents in terms of leukocyte, neutrophil, lymphocyte, monocyte and cortisol serum concentrations. The group of obese

  20. Indicadores antropométricos como preditores de pressão arterial elevada em adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carmem Cristina Beck

    2011-02-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A hipertensão arterial está relacionada ao incremento da gordura corporal, a qual pode ser avaliada por meio de indicadores antropométricos. OBJETIVO: Determinar o poder preditivo de indicadores antropométricos e estabelecer seus pontos de corte como discriminadores de pressão arterial elevada. MÉTODOS: Estudo transversal realizado com uma amostra de 660 adolescentes de 14 a 19 anos sendo 51,9% moças. Foram considerados os seguintes indicadores antropométricos: índice de massa corporal (IMC, circunferência da cintura, razão cintura/estatura e índice de conicidade. A pressão arterial elevada foi caracterizada por valores acima do percentil 90 para pressão arterial sistólica e/ou pressão arterial diastólica. Para identificação dos preditores de pressão arterial elevada, foi adotada a análise das curvas Receiver Operating Characteristic (ROC, com intervalo de confiança de 95%. Posteriormente, identificaram-se os pontos de corte com suas respectivas sensibilidades e especificidades. RESULTADOS: As áreas sob as curvas ROC com os intervalos de confiança foram: rapazes - circunferência de cintura = 0,80 (0,72-0,89; IMC = 0,79 (0,68-0,89; razão cintura/estatura = 0,77 (0,66-0,88; índice de conicidade = 0,69 (0,56-0,81 e para as moças - circunferência de cintura = 0,96 (0,92-1,00; IMC = 0,95 (0,87-1,00; razão cintura/estatura = 0,93 (0,85-1,00; índice de conicidade = 0,74 (0,50-0,98. Os diversos pontos de corte dos indicadores antropométricos com melhores poderes preditivos e suas respectivas sensibilidades e especificidades foram identificados. CONCLUSÃO: Apesar de a razão cintura/estatura e de o IMC terem apresentado boas áreas sob a curva ROC, sugere-se a utilização da circunferência de cintura para a predição da pressão arterial elevada.

  1. Intervenção educacional com base em modelo para aumentar a atividade física entre adolescentes iranianos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hormoz Sanaeinasab

    2012-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar um programa educacional com base no modelo de promoção da saúde (MPS e nos estágios de mudança para melhorar a atividade física (AF entre adolescentes iranianos. MÉTODOS: Este foi um ensaio randomizado controlado com 165 participantes divididos em dois grupos (intervenção/controle. Os dados foram coletados através de questionários de autopreenchimento com base em componentes do MPS (benefícios e barreiras para a ação, autoeficácia, sentimentos em relação ao comportamento, influências interpessoais e situacionais. A escala de estágios de mudança foi utilizada para selecionar participantes aptos (classificados nos estágios de pré-contemplação, contemplação ou preparação e para avaliar a tendência. Após a coleta dos dados de base, a intervenção foi realizada nos participantes e os dados de acompanhamento foram coletados 3 meses depois. RESULTADOS: Ao todo, 88 meninos e 77 meninas com idade média de 13,99±0,4 participaram do estudo. As diferenças em todos os componentes do MPS, exceto os sentimentos em relação ao comportamento e as influências sociais, foram significantes (p < 0,01 entre os valores de base e de acompanhamento. Comparados aos do grupo de controle, os adolescentes do grupo de intervenção foram categorizados nos estágios de ação (70% ou preparação (30% no acompanhamento. A análise de regressão múltipla revelou que preferências concorrentes, normas sociais, modelos sociais (variáveis com p < 0,001 e o compromisso com o plano de ação podem prever consideravelmente o comportamento quanto à AF. O modelo representou 22,5% da variação da AF. CONCLUSÕES: Intervenções educacionais com base nos estágios de mudança podem ter implicações importantes na melhora da AF entre adolescentes em mais componentes do MPS.

  2. Método do limiar de variabilidade da frequência cardíaca aplicado em pré-adolescentes obesos e não obesos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mário Augusto Paschoal

    2011-06-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A detecção do limiar anaeróbico (LA pela análise da variabilidade da frequência cardíaca (LiVFC pode significar uma nova maneira de avaliação da capacidade funcional cardiorrespiratória (CFCR em pré-adolescentes. OBJETIVO: Testar o método de LiVFC para detecção do LA em pré-adolescentes não obesos (NO, obesos (O e obesos mórbidas (OM, a fim de determinar diferenças em sua CFCR. MÉTODOS: Foram estudados 30 pré-adolescentes, com idades entre 9 e 11 anos, divididos em três grupos de 10: a grupo NO - índice de massa corpórea (IMC com percentil do National Center for Chronic Disease Prevention and Health Promotion entre 5 e 85; b grupo O - IMC de percentil entre 95 e 97 e c grupo OM - IMC com percentil acima de 97. Todos foram submetidos a um protocolo incremental realizado em esteira rolante e registraram-se os batimentos cardíacos para detecção do LiVFC, que foi determinado pelo valor de 3,0 ms do índice do desvio-padrão 1 (SD1, extraído dos intervalos RR. RESULTADOS: Os valores médios no momento do LiVFC mostraram maiores valores para o grupo NO, destacando-se: a VO2 (ml/kg/min NO = 27,4 ± 9,2; O = 13,1 ± 7,6 e OM = 11,0 ± 1,7; b FC (bpm: NO = 156,3 ± 18,0; O =141,7 ± 11,4 e OM = 137,7 ± 10,4; e c distância percorrida (metros: NO = 1.194,9 ± 427,7; O = 503,2 ± 437,5 e OM = 399,9 ± 185,1. CONCLUSÃO: O LiVFC se mostrou efetivo para avaliação da CFCR e poderá vir a ser aplicado como método alternativo à ergoespirometria em determinadas situações.

  3. Estado e Política Social: considerações sobre a política de atendimento socioeducativo ao adolescente em conflito com a Lei no Brasil a partir da década de 1990

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vanessa Gabrielle Woicolesco

    2017-12-01

    Full Text Available Neste artigo, analisa-se a Política de Atendimento Socioeducativo ao adolescente em conflito com a lei, concebida enquanto componente da Política Social que, implementada pelo Estado, contribui para as suas ações de direção e controle social e, ao mesmo tempo, é parte constituinte da repartição da riqueza socialmente produzida. Nesse sentido, busca-se abordar a Política voltada ao adolescente em conflito com a lei, no Brasil, a partir dos seguintes ordenamentos jurídicos e institucionais: Lei nº 8.069/90, Estatuto da Criança e do Adolescente – ECA; e Lei nº 12.594/12, Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo – SINASE.

  4. Fatores associados à cobertura vacinal em adolescentes Factores asociados a la cobertura por vacunas en adolescentes Factors associated to the vaccination covering in adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ayla Maria Calixto de Carvalho

    2010-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar os fatores associados à condição de estar vacinado entre adolescentes de uma área da Estratégia Saúde da Família de Teresina - PI. MÉTODOS: Estudo de natureza quantitativa e do tipo seccional. A amostra foi constituída por 261 adolescentes e a análise foi realizada por meio da estatística descritiva. RESULTADOS: A cobertura vacinal contra rubéola, sarampo e caxumba foi de 5,4%; para a vacina contra difteria e tétano, foi de 22,9%; para a vacina contra hepatite-B: foi 27,2% e 35,2% para a vacina contra febre amarela. CONCLUSÃO: A baixa cobertura vacinal encontrada neste estudo está relacionada: às oportunidades perdidas de vacinação (65,5%; à deficiência de conhecimento sobre as vacinas, a faixa etária maior de 15 anos (Razão da Prevalência (RP = 2,85; Índice de Confiança (IC 95% = 1,63-4,99; o sexo masculino (RP = 2,04; IC95% =1,15-3,62.OBJETIVO: Analizar los factores asociados a la condición de estar vacunado entre adolescentes, en un área de la Estrategia Salud de la Familia, en la ciudad de Teresina, en el estado de Piauí. MÉTODOS: Estudio de naturaleza cuantitativa y de tipo seccional. La muestra fue constituida por 261 adolescentes y el análisis fue realizado por medio de la estadística descriptiva. RESULTADOS: La cobertura por vacuna contra rubéola, sarampión e caxumba fue de 5,4%; para la vacuna contra la difteria y tétano, fue de 22,9%; para la vacuna contra hepatitis-B, fue 27,2% y de 35,2% para la vacuna contra la fiebre amarilla. CONCLUSIÓN: La baja cobertura por vacunación encontrada en este estudio está relacionada a: 1 las oportunidades perdidas de vacunación (65,5%; a la deficiencia de conocimiento sobre las vacunas, al intervalo de edad mayor de 15 años [Razón de la Prevalencia (RP = 2,85; Índice de Confianza (IC 95% = 1,63-4,99]; al sexo masculino (RP = 2,04; IC95% =1,15-3,62.OBJECTIVE: To analyze the factors associated to the condition of to be vaccinated among

  5. Exercício da sexualidade por adolescentes em ambientes de privação de liberdade The practice of sexuality by adolescents deprived of freedom

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Laura Davis Mattar

    2008-04-01

    Full Text Available Este artigo apresenta os resultados de uma pesquisa cujo principal objetivo foi conhecer como se dá o exercício da sexualidade por parte de adolescentes privados de liberdade. Os dados foram coletados em três estados do nordeste brasileiro, que adotaram a política pública de oferecer visitas 'íntimas' aos jovens em conflito com a lei. Os resultados apresentam o perfil dos adolescentes, a vida sexual e os cuidados com a saúde antes da internação, o exercício da sexualidade no interior da instituição e, por fim, a visita íntima do ponto de vista dos entrevistados. Com base nesses dados e nos direitos dos adolescentes à autonomia; à participação; à igualdade e não discriminação, à integridade corporal e à saúde, essa política pública foi avaliada. Recomendações para aperfeiçoá-la foram tecidas, de modo a melhor atender aos direitos sexuais de jovens privados de liberdade.This article presents the results of a research whose main goal was to know how imprisoned adolescents express their sexuality. The data were collected in three Brazilian northeast states that had adopted the public policy of offering 'intimate' visits to youngsters in conflict with the law. The results present the adolescents' profile, their sexual life and health care before the imprisonment, their sexual life inside the institution and, finally, the 'intimate' visits from the youngsters' point of view. This public policy was evaluated considering both the collected data and the adolescents' rights to autonomy, participation, equality, non-discrimination, corporal integrity and health. As conclusion, recommendations were made in order to make the public policy of 'intimate' visits more adequate to attend the sexual rights of imprisoned adolescents.

  6. PREVALÊNCIA DA DOENÇA CÁRIE E PERIODONTAL EM ADOLESCENTES DE UMA ESCOLA DA REDE PARTICULAR DE QUIXADÁ-CE

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Anielly Sampaio Barros

    2015-06-01

    Full Text Available É crescente a preocupação de realizar trabalhos sobre obtenção e manutenção da condição da saúde bucal de adolescentes, visto que estes não possuem disciplina ao controle de açúcar na dieta e higiene bucal. O objetivo desse estudo foi avaliar a prevalência de cárie dentária e doença periodontal em adolescentes de uma escola da rede particular do município de Quixadá-Ceará. Trata-se de um estudo do tipo quantitativo, transversal, de caráter descritivo, onde participaram 31 alunos que cursavam o Ensino Médio de uma escola particular, na faixa etária de 14 e 15 anos. Os dados foram coletados a partir de um questionário estruturado e de exames clínicos como odontograma e índice de Sangramento Gengival (ISG realizados por uma única examinadora previamente calibrada. Os dados foram tabulados no Microsoft Excel 2010 e apresentados em forma de gráficos. O resultado da média do índice de dentes Cariados, Perdidos e Obturados (CPO-D os adolescentes foi 3,0 (três, sendo classificado como moderado de acordo com a Organização Mundial de Saúde e o ISG mostrou-se relativamente saudável. Neste estudo, 68% dos participantes alegaram que fazem escovação diária de 3 a 4 vezes por dia e 61% consomem alimentos cariogênicos entre as refeições. Concluiu-se que a prevalência de doença cárie ainda é preocupante para este grupo e a prevalência da doença periodontal foi baixa.

  7. Fatores protetivos a adolescentes em conflito com a lei no contexto socioeducativo Protective factors for adolescents in conflict with the law within the social-educational context

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cláudia Regina Brandão Sampaio Fernandes da Costa

    2006-12-01

    Full Text Available O presente artigo tem por objetivo tecer considerações acerca da importância e possibilidade de promover fatores de proteção ao adolescente em conflito com a lei no contexto de aplicação de medida sócioeducativa. Tomando como referência a Doutrina da Proteção Integral - eixo central do Estatuto da Criança e do Adolescente -, o Paradigma da Promoção da Saúde e estudos sobre resiliência, postula-se a existência de alguns fatores considerados de grande relevância ao desenvolvimento dos adolescentes, visando modificar o quadro de vulnerabilidade ao qual encontram-se associados. Sugere que a ênfase nos aspectos saudáveis do desenvolvimento favorece a emergência do potencial positivo do qual todo contexto sócioeducativo deve ser revestido, a fim de possibilitar a construção de novas perspectivas aos jovens em risco social.The purpose of this article is to make certain considerations regarding the importance and possibility of promoting protection factors to adolescents in conflict with the law within the context of applying social and educational measures. Using the Integral Protection Doctrine as a doctrinal reference - the core theme of the Statute of the Child and Adolescent - and the Paradigm of Health Promotion along with studies on development and resilience, this paper postulates the existence of certain factors considered highly relevant to the development of adolescents, seeking to modify the situation of vulnerability in which they find themselves. The paper suggests that an emphasis on health aspects of development favor the emergence of a positive potential that should be included throughout the social-educational context, so as to enable the construction of new perspectives by socially at risk youth.

  8. Prevalência e fatores associados ao sobrepeso e à obesidade em adolescentes Prevalence and factors associated to overweight and obesity in adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nicole Gomes Terres

    2006-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Determinar a prevalência e os fatores associados ao sobrepeso e à obesidade em adolescentes de zona urbana. MÉTODOS: Estudo transversal de base populacional, realizado no município de Pelotas, Rio Grande do Sul, de 2001 a 2002. Adolescentes entre 15 e 18 anos de idade foram medidos, pesados e responderam a questionário auto-aplicável. De 90 setores sorteados, foram visitados 86 domicílios em cada setor, totalizando 960 adolescentes. A prevalência de sobrepeso e obesidade foi definida a partir do índice de massa corporal, mediante a utilização dos pontos de corte, ajustados à idade e ao sexo. Realizou-se análise multivariada com regressão de Poisson, considerando um modelo hierárquico das variáveis associadas ao sobrepeso e à obesidade. RESULTADOS: A prevalência de sobrepeso e de obesidade foi 20,9% e 5%, respectivamente. A relação entre a obesidade e idade e escolaridade do adolescente foi inversa. Verificou-se associação de sobrepeso e obesidade com o relato de obesidade dos pais (p=0,03 e maturação sexual do adolescente (p=0,01. Os hábitos de fazer dieta e omitir refeições foram associados à obesidade, com riscos de 3,98 (IC 95%: 1,83-8,67 e 2,54 (IC 95%: 1,22-5,29, respectivamente. CONCLUSÕES: A prevalência de sobrepeso e obesidade na região são preocupantes a despeito do comportamento dos adolescentes para prevenir a obesidade. É necessária a implantação de campanhas mais eficazes, direcionadas a orientar melhor os adolescentes.OBJECTIVE: To assess the prevalence and factors associated to overweight and obesity in urban area adolescents. METHODS: A cross-sectional population-based study was carried out in the municipality of Pelotas, Southern Brazil, between 2001 and 2002. Adolescents between 15 and 18 years old were weighed, measured and asked to complete a self-administered questionnaire. Of 90 areas drawn, 86 dwellings were visited in each area, comprising a total of 960 adolescents

  9. Substituição de refeições por lanches em adolescentes Sustitución de comidas por meriendas entre adolescentes Replacement of meals with snacks among adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Amanda Solimani Teixeira

    2012-09-01

    Full Text Available OBJETIVO: Verificar a prevalência da substituição do almoço e do jantar por lanches em adolescentes e a associação com estado nutricional e sexo, assim como avaliar os alimentos que substituem as refeições. MÉTODOS: Estudo transversal com 106 adolescentes do ensino médio de uma escola técnica localizada no município de São Paulo, que responderam a um questionário sobre atitudes alimentares a partir do qual foi avaliada a frequência de substituição do almoço e do jantar por lanche e os alimentos substitutos. Foram aferidos o peso e a altura para o cálculo do índice de massa corpórea por idade, e a classificação do estado nutricional de acordo com o critério da Organização Mundial da Saúde. Foi realizada análise descritiva com nível de significância de 5%. RESULTADOS: Um terço dos adolescentes substituiu o almoço e metade deles substituiu o jantar por lanches. Verificou-se que mais meninas costumavam substituir refeições. Observou-se maior prevalência de substituição do almoço (40% e do jantar (70% por lanche entre adolescentes obesos. Sanduíches, salgados, pizzas e hambúrgueres foram os principais substitutos das refeições. CONCLUSÕES: Verificou-se prevalência elevada de substituição de refeições principais, principalmente do jantar, por lanches. Os substitutos do almoço e do jantar apresentavam, em sua maioria, alta densidade energética e baixo valor nutritivo.OBJETIVOS: Verificar la prevalencia de la sustitución del almuerzo y de la cena por meriendas entre adolescentes y la asociación con estado nutricional y sexo y evaluar los alimentos que sustituyen las comidas. MÉTODOS: Estudio transversal, con 106 adolescentes de la secundaria de una escuela técnica, ubicada en el municipio de São Paulo, que contestaron a un cuestionario sobre actitudes alimentarias, a partir del que se evaluó la frecuencia de sustitución del almuerzo y de la cena por meriendas y los alimentos sustituidos. Fueron

  10. Suicídio, lesões e envenenamento em adolescentes: um estudo epidemiológico Suicidio, lesiones y envenemiento de adolescentes: un estudio epidemiológico Suicide, lesions and poisoning of adolescents: an epidemiological study

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Maria Fortaleza Teixeira

    1997-05-01

    Full Text Available Trata-se de um estudo epidemiológico dos casos de Suicídio e Lesões auto-infligidas (E950 a E959 e Lesões em que se ignora se foram acidental ou intencionalmente infligidas (E980 a E989 em adolescentes atendidos no setor de urgências psiquiátricas de um hospital-escola de Ribeirão Preto (S.P., durante o período de 1988 a 1991. Os diagnósticos foram agrupados segundo o CID-9. Os dados foram obtidos a partir do Serviço de Estatística do Hospital. O sexo feminino predominou nos 4 anos nos dois grupos diagnósticos. Observou-se um aumento dos casos de E950 a E959 no decorrer do período; enquanto houve uma diminuição de E980 a E989; em adolescentes.La presente investigación consta de un estudio epidemiológico de los casos de suicidio y lesiones auto-inflingidas (E950 a E959 y lesiones en que se ignora si fueron acidentales o intencionales (E980 a E989. La población fue adolescentes asistidos en el Sector de Urgencias Psiquiátricas, de un hospital universitário de la ciudad de Ribeirão Preto (S.P., durante el período de 1988 a 1991. Los datos fueron obtenidos en el Servicio de Estadística del Hospital; se agruparon los casos según diagnósticos (CID-9 y datos demográficos relevantes. Los resultados han evidenciado: el predominio del sexo femenino en los dos grupos diagnósticos y un aumento de los casos de E950 a E959, en cuanto hubo una disminución de los E980 a E989 entre los adolescentes, en el periodo estudiado.This is an epidemiological study on Self-Inflicted Suicide and Lesions (E950 to E959 that we do not know if they are accidentally or intentionally inflicted (E980 to E989 among adolescents attended in a Psychiatric Ward at an Emergency Service in Ribeirão Preto, S.P., Brazil, from 1988 to 1991. The diagnoses were grouped according to CID-9. Data were obtained from the Hospital Statistics Service. The feminine sex predominated in the 4 years and in both diagnoses. It was observed that the occurrence of E950 to E959

  11. Bullying and associated factors in adolescents aged 11 to 15 years Bullying e fatores associados em adolescentes com idade entre 11 e 15 anos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ricardo Azevedo da Silva

    2012-01-01

    Full Text Available INTRODUCTION: Bullying among adolescents has become the subject of extensive research due to its negative effects on attitude and behavior. However, Brazilian literature on the topic is scarce. OBJECTIVE: To assess bullying and associated factors among adolescents in a population-based sample in southern Brazil. METHOD: Population-based, cross-sectional study with adolescents aged 11 to 15 years living in the municipality of Pelotas, state of Rio Grande do Sul, Brazil. RESULTS: A total of 1,145 adolescents were included. Bullying behaviors and attitudes were found to be associated with the following factors: intentionally skipping classes, failing at school, using alcohol, smoking cigarettes, using illegal drugs, having engaged in sexual intercourse, carrying a weapon, being involved in an accident/being run over by any vehicle, and being involved in fights with physical aggression. CONCLUSION: Bullying is associated with several behaviors that pose risk to the adolescents' physical and psychological health.INTRODUÇÃO: O bullying entre adolescentes tem sido objeto de várias pesquisas devido aos prejuízos comportamentais que acarreta. Contudo, a literatura brasileira sobre o tema é escassa. OBJETIVO: Avaliar comportamentos de bullying e fatores associados em uma amostra de base populacional de adolescentes vivendo no sul do Brasil. MÉTODO: Estudo transversal, de base populacional, com adolescentes de 11 a 15 anos de idade residentes na cidade de Pelotas, RS, Brasil. RESULTADOS: Um total de 1.145 adolescentes foram selecionados. Os comportamentos e atitudes de bullying mostraram-se associados aos seguintes fatores: faltar aula intencionalmente, reprovar algum ano na escola, usar álcool, cigarro e/ou drogas ilícitas, ter tido relações sexuais, portar arma, sofrer algum acidente ou atropelamento e brigar e/ou agredir alguém. CONCLUSÃO: O bullying esteve associado com vários comportamentos considerados de risco para a saúde física e

  12. Prevalência do anticorpo da hepatite A em crianças e adolescentes com hepatopatia crônica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ferreira Cristina T.

    2002-01-01

    Full Text Available Objetivo: avaliar a prevalência de hepatite viral A (HVA em crianças e adolescentes portadores de doenças crônicas do fígado, em um serviço de hepatologia pediátrica. Métodos: entre maio de 1999 e fevereiro de 2001, foi estudada a prevalência de anticorpos anti-HVA total em 60 crianças e adolescentes, entre 1 e 16 anos de idade, portadoras de hepatopatias crônicas, provenientes da unidade de gastroenterologia pediátrica e programa de transplante hepático infantil do serviço de pediatria do Hospital de Clínicas de Porto Alegre. O anti-HVA, realizado através de um teste laboratorial comercialmente disponível em nosso meio (Abbott - MEIA HAVAB - sistema AXSYM, foi determinado e relacionado com a idade, com o sexo, com a cor, com o diagnóstico etiológico da hepatopatia e com a renda familiar dos pacientes. Resultados: apenas uma criança de 1 ano, portadora de atresia biliar, foi excluída do estudo por apresentar anti-HVA indeterminado, em duas ocasiões. Das 59 crianças restantes, 14 (24% apresentavam resultados positivos para o anti-HVA total. As idades dos pacientes com anti-HVA positivos variaram de 1 a 16 anos (x= 7,7 anos e mediana 8,5 anos. Não houve diferença significante entre idade, sexo e cor entre os grupos positivo e negativo. A renda familiar foi menor no grupo dos pacientes anti-HVA positivo, mas não mostrou diferença estatística significante. A diferença de prevalência de anti-HVA entre as etiologias das hepatopatias está, provavelmente, relacionada à idade mais do que ao diagnóstico. Conclusões: na população estudada, a maioria (76% das crianças e adolescentes portadoras de hepatopatias crônicas é suscetível à infecção pelo vírus A, podendo apresentar, portanto, um curso mais grave e complicações, se adquirirem HVA. Sugerimos, então, que esses pacientes devam receber a vacina inativada contra HVA.

  13. Resistência insulínica pode prejudicar a redução da espessura mediointimal em adolescentes obesos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Priscila de Lima Sanches

    2012-10-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: O processo aterosclerótico no nível endotelial começa em idade precoce e parece estar associado com a obesidade e suas comorbidades como a resistência insulínica. OBJETIVO: O objetivo deste estudo foi verificar a influência da resistência insulínica em marcadores inflamatórios e subclínicos de aterosclerose em adolescentes obesos. MÉTODOS: Sessenta e seis adolescentes obesos pós-púberes foram divididos em dois grupos de acordo com o índice de resistência insulínica estimado pelo Modelo de Avaliação da Homeostase (HOMA-RI: com resistência insulínica (RI n = 39 e sem resistência insulínica (NRI n = 27, e foram submetidos a uma intervenção interdisciplinar ao longo de um ano. A espessura mediointimal da artéria carótida comum (EMIC, e o tecido adiposo visceral e subcutâneo foram determinados por ultrassonografia. A composição corporal, pressão arterial, índice HOMA-RI, perfil lipídico e as concentrações de adipocinas [leptina, adiponectina, e inibidor do ativador do plasminogênio-1 (PAI-1] foram analisados antes e após a terapia. RESULTADOS: Ambos os grupos apresentaram melhoras significativas na composição corporal, estado inflamatório (redução da concentração de leptina e PAI 1; aumento de adiponectina plasmática e redução da EMIC. Apenas o grupo NRI mostrou correlação positiva entre as alterações na gordura visceral (∆Visceral e mudanças na EMIC (∆ EMIC (r = 0,42, p < 0,05. A análise por regressão linear simples revelou o ∆Visceral ser um preditor independente para a redução da EMIC nesse grupo (R2 ajustado = 0,14, p = 0,04. Os valores finais da EIMC permaneceram significativamente maiores no grupo RI, quando comparado com grupo NRI. CONCLUSÃO: A presença de resistência insulínica pode prejudicar mudanças na EMIC levando ao desenvolvimento precoce da aterosclerose em adolescentes obesos submetidos a uma intervenção interdisciplinar.

  14. Feocromocitoma e gravidez: Relato de caso e revisão atualizada

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Davi Rettori Pardo dos Santos

    2015-12-01

    Full Text Available Resumo O feocromocitoma é um tumor da adrenal produtor de catecolaminas, sendo causa rara de hipertensão arterial na gravidez. Sua prevalência em hipertensos é de 0,2%, e em 0,002% das gestações. Acompanhamos gestante hipertensa de 24 anos, branca, tercigesta, admitida na 33ª semana com emergência hipertensiva, indicada cesárea devido a sofrimento fetal, evoluindo com edema agudo de pulmão no pós-parto imediato. Submetida à videolaparoscopia após 13 dias por dor abdominal aguda, sem achado significativo. No pós-operatório, devido à hipertensão arterial grave e refratária, suspeitou-se de feocromocitoma, confirmado por exames bioquímicos e de imagem. Realizada adrenelectomia unilateral com cura da hipertensão. A anatomia patológica e a imunohistoquímica confirmaram o diagnóstico. Concluímos que casos atípicos de hipertensão na gravidez devem ser precocemente investigados e diferenciados da pré-eclâmpsia. Apesar da baixa prevalência, o feocromocitoma na gravidez aumenta consideravelmente a morbimortalidade materno-fetal e o seu reconhecimento e tratamento precoces mudam drasticamente o seu desfecho.

  15. Expectativas de adolescentes em relação a mudanças do perfil nutricional Expectations of adolescents in relation to the changes of nutritional profile

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patrícia Déa Braga

    2007-10-01

    Full Text Available Este estudo apresenta resultados de uma pesquisa de natureza quanti-qualitativa sobre nutrição em adolescentes, atendidos no Centro Salesiano do Menor, localizado em Vitória (ES. Objetivou-se identificar o perfil nutricional e as expectativas dos adolescentes em relação a mudanças no perfil nutricional. Foram realizadas entrevistas com perguntas abertas e fechadas com 43 adolescentes na faixa etária de 14 a 17 anos e coletados dados antropométricos para avaliação do estado nutricional, segundo o Índice de Massa Corporal (IMC. Fragmentos dos discursos foram selecionados e transcritos no texto como forma de elucidação das respostas abertas. A maioria (86% dos adolescentes foi classificada como eutrófica e revelou descontentamento com o corpo e grande preocupação com a beleza. Resultados evidenciaram a importância dada à estética, como principal motivo para desejarem mudanças. Foram relatadas dificuldades no que diz respeito ao controle alimentar e à realização de atividade física. Sentimento de discriminação da sociedade aos que não correspondem ao padrão de beleza apareceu nas respostas dos adolescentes. Conclui-se que os adolescentes estudados apresentam percepção de seu peso não condizente com os resultados encontrados na avaliação nutricional e baixa auto-estima, desejando mudanças.This article presents results of a research of nature quanti-qualitative on nutrition and adolescents of Centro Salesiano do Menor, located in Vitória (ES. The aim of this study was to know the nutritional profile and expectations of the adolescents in relation the changes in the nutritional profile. Structured interview with subjective and objective questions was realized with 43 adolescents 14 to 17 years old and collected anthropometric date to valuation of the state nutritional according to the body mass index (BMI. Fragments of the speeches were selected and transcripts in the text as form of briefing of the open answers. The

  16. Saberes e atitudes dos adolescentes frente à contracepção Knowledge and attitudes of adolescents on contraception

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Stéfani de Salles Mendes

    2011-09-01

    Full Text Available OBJETIVO: Descrever e analisar os saberes e atitudes dos adolescentes sobre a contracepção. MÉTODOS: Estudo descritivo com análise quantitativa, compreendendo uma amostra de 499 adolescentes de cinco escolas estaduais de Cuiabá, MT, utilizando-se um questionário fechado. Os dados foram processados e analisados pelo programa Epi-Info, com análises bivariadas. RESULTADOS: Entre os adolescentes estudados, constatou-se que 36% têm vida sexual ativa, sendo o uso atual de algum método contraceptivo presente em 77% das meninas e 66% dos meninos; com relação aos métodos contraceptivos mais conhecidos pelos adolescentes, 55% declararam conhecer o preservativo juntamente com os anticoncepcionais orais e injetáveis; identificou-se entre os adolescentes sexualmente ativos que apenas 40% dos meninos e 58% das meninas conversam sempre com seus namorados(as/parceiros(as sobre maneiras de evitar a gravidez; 54% das meninas e 40% dos meninos declararam que quem deve usar o método contraceptivo deve ser tanto o homem quanto a mulher; a fonte de indicação dos métodos contraceptivos foram os amigos(as para 22% dos meninos e os médicos para 36% das meninas. CONCLUSÕES: Apesar de os adolescentes apresentarem alguns conhecimentos e atitudes adequadas em relação à contracepção, ainda há a necessidade de ações de prevenção e orientação sexual, tendo em vista o relato de pouco diálogo entre os parceiros, a não adoção de métodos de prevenção em todas as relações sexuais e a ocorrência de gravidez.OBJECTIVE: To describe and analyze adolescents' knowledge and attitudes in relation to contraception. METHODS: Descriptive study with a quantitative analysis comprising a sample of 499 adolescents of five state schools of Cuiabá, MT, Brazil, with a structured questionnaire. Data were processed and analyzed by Epi-Info software, with bivariate analysis. RESULTS: Among the studied adolescents, 36% were sexually active; the use of

  17. Crianças e adolescentes com insuficiência renal em hemodiálise: percepção dos profissionais

    OpenAIRE

    Abreu,Isabella Schroeder; Nascimento,Lucila Castanheira; Lima,Regina Aparecida Garcia de; Santos,Claudia Benedita dos

    2015-01-01

    RESUMO Objetivo: identificar aspectos impactantes na qualidade de vida de crianças e adolescentes com insuficiência renal crônica em hemodiálise, sob a ótica de profissionais de saúde, como etapa essencial para a construção do módulo específico do instrumento DISABKIDS®. Método: estudo metodológico. Coleta de dados entre maio e junho de 2012, por meio de entrevistas individuais com 12 participantes, em dois centros de diálise. Analisou-se o material empírico segundo análise de conteúdo temá...

  18. ADOLESCENTES EM CONFLITO COM A LEI NO CONTEXTO DE DESIGUALDADES: UMA ANÁLISE SOBRE A COMUNICAÇÃO E O DIREITO NA SOCIEDADE

    OpenAIRE

    Azevedo, Kátia Simone; Reboucas, Gabriela Maia

    2017-01-01

    Este artigo explora o tema do adolescente em conflito com a lei a partir da relação entre os meios de comunicação e o direito em um contexto de desigualdades. Enquanto espaço hegemônico de informação e representante de um modelo de desenvolvimento a serviço do consumo e da violência, a mídia nega os direitos humanos ao promover um cenário de violações por meio do qual o sensacionalismo da notícia inviabiliza um projeto social coletivo comprometido com a formação cidadã. Do ponto de vista meto...

  19. Fatores de risco para dependência de álcool em adolescentes Factores de riesgo en adolescentes con dependencia al alcohol Risk factors for alcohol dependence in adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leandro Rozin

    2012-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Identificar os fatores de risco para dependência do álcool na adolescência. MÉTODOS: Revisão integrativa com 21 artigos publicados entre 2000 e 2009, capturados nas bases de dados LILACS, BVS, MEDLINE, COCHRANE e IBECS com as palavras-chave: adolescência, risco para dependência e álcool. RESULTADOS: Há evidências de que o álcool é a droga mais consumida por adolescentes, com início entre 14 a 16 anos. Os fatores de risco para dependência estão relacionados ao início precoce do uso, influência da mídia, relacionamento conturbado com os pais, uso por membro da família, abuso sexual, violência doméstica, baixa autoestima, curiosidade, pressão de colegas, entre outros. Apontam a vulnerabilidade genética para a dependência do álcool e controvérsias em relação ao gênero e classe social. CONCLUSÃO: Os serviços de saúde devem incorporar estratégias preventivas de identificação de riscos para a dependência, controle e acompanhamento específicos ao grupo de adolescentes dependentes.OBJETIVO: Identificar los factores de riesgo en adolescentes con dependencia al alcohol. MÉTODOS: Revisión integrativa realizada con 21 artículos publicados entre 2000 y 2009, identificados en las bases de datos LILACS, BVS, MEDLINE, COCHRANE e IBECS con las palabras-clave: adolescencia, riesgo a dependencia y alcohol. RESULTADOS: Hay evidencias de que el alcohol es la droga más consumida por adolescentes, con inicio entre 14 a 16 años. Los factores de riesgo para la dependencia están relacionados al inicio precoz del uso, influencia de los medios de comunicación, relacionamiento conturbado con los padres, uso por un miembro de la familia, abuso sexual, violencia doméstica, baja autoestima, curiosidad, presión de colegas, entre otros. Apuntan la vulnerabilidad genética para la dependencia al alcohol y controversias en relación al género y clase social. CONCLUSIÓN: Los servicios de salud deben incorporar estrategias

  20. Sintomas respiratórios e qualidade de vida em adolescentes

    OpenAIRE

    Pereira, Carlos; Barros, Henrique

    2016-01-01

    Em 1948, a OMS definiu saúde como o completo bem-estar físico, mental e social e não apenas a ausência de doença ou enfermidade1. Paralelamente, o conceito de qualidade de vida relacionada com a saúde assume uma nova dimensão e passa a englobar os três domínios fundamentais expressos na definição: o físico, o psíquico e o social2,3. Assim, o termo qualidade de vida evidencia aspectos muito diversificados que são influenciados pelas experiências, crenças, expectativas e, particularmente, as pe...

  1. Crenças de adolescentes portugueses sobre o uso do preservativo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Simone Helena dos Santos Oliveira

    2009-12-01

    Full Text Available Esta pesquisa revela os resultados obtidos durante Doutorado Sandwich, que incluiu trabalho de campo realizado emPortugal e que teve a CAPES como agência financiadora. Seus objetivos foram: identificar as crençascomportamentais e normativas de adolescentes em relação ao uso do preservativo durante as relações sexuais eapresentar sugestões práticas que possam contribuir à definição de estratégias sólidas relacionadas ao Programa deEducação da Sexualidade na Escola. Estudo quantitativo, com base na Theory of Reasoned Action – TRA, realizado emescolas públicas do Porto, de janeiro a março de 2008. A amostra constou de 252 adolescentes, de 13 a 19 anos, queresponderam a um questionário estruturado. A idade média dos participantes foi de 14,7 anos. As vantagens para ouso do preservativo foram: prevenção de DSTs, da gravidez e da SIDA. As desvantagens foram: risco de romper,diminuição do prazer e incômodo. Entre os referentes positivos se destacaram amigos, pais e família. Os resultadosobtidos revelaram crenças positivas e negativas, podendo àquelas serem reforçadas e estas minimizadas outransformadas em positivas, durante as estratégias do programa que vem sendo desenvolvido nas escolas, servindode contribuição para que os jovens exerçam uma vida sexual saudável.

  2. Prevalência e fatores associados à obesidade abdominal em adolescentes Prevalencia y factores asociados a la obesidad abdominal en adolescentes Prevalence of abdominal obesity and associated factors in adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcelo Romanzini

    2011-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Verificar a prevalência de obesidade abdominal e sua associação com fatores demográficos, econômicos e estilo de vida em adolescentes. MÉTODOS: Estudo transversal conduzido em 644 adolescentes (397 do sexo feminino e 247 do masculino, de 15 a 19 anos. Foram coletadas informações demográficas (sexo e idade, econômicas (nível econômico e comportamentais (atividade física, alimentação, tabagismo e etilismo. A obesidade abdominal (desfecho foi determinada com base em pontos de corte para a circunferência de cintura, específicos ao sexo e à idade. A análise multivariada foi realizada por meio de regressão logística, estimando-se Odds Ratios (OR brutas e ajustadas, com intervalo de confiança de 95%. RESULTADOS: A prevalência de obesidade abdominal foi de 7,5%. Adolescentes do sexo masculino (OR 2,34; IC95% 1,27-4,32, de nível econômico intermediário (OR 2,89; IC95% 1,35-6,19 e alto (OR 2,98; IC95% 1,31-6,77 e que consumiam bebida alcoólica de forma abusiva (OR 2,12; IC95% 1,10-4,09 apresentaram maior chance de possuírem obesidade abdominal. CONCLUSÕES: A prevalência de obesidade abdominal foi baixa em comparação aos estudos internacionais. Ademais, encontrou-se que o sexo, o nível econômico e o consumo abusivo de álcool se associaram à obesidade abdominal.OBJETIVO: Verificar la prevalencia de obesidad abdominal y su asociación con factores demográficos, económicos y estilo de vida en adolescentes. MÉTODOS: Estudio transversal conducido en 644 adolescentes (397 del sexo masculino y 247 del femenino de 15 a 18 años. Se recogieron informaciones demográficas (sexo, edad, económicas (nivel económico y comportamentales (actividad física, alimentación, tabaquismo, alcoholismo. La obesidad abdominal (desfecho fue determinada con base en puntos de corte para la circunferencia de la cintura, específicos al sexo y la edad. El análisis multivariado se realizó mediante regresión logística, estimando

  3. Caracterização de adolescentes do sexo masculino em relação a comportamentos antissociais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    André Vilela Komatsu

    2015-01-01

    Full Text Available El objetivo de este estudio es caracterizar los comportamientosdivergentes e infraccionales en muestras de adolescentes brasileños, compuestas por 133 adolescentesde la población en general, reclutados de las escuelas públicas, y otros 60 adolescentes judicializados,reclutados de programas de medida judicial. Los participantes respondieron a un cuestionario decomportamiento juvenil, incluyendo comportamientos divergentes y delictivos. Resultados: la mayoríade los adolescentes de la población ya usó alcohol (61%, ya cometieron algún acto delictivo (77% yuna pequeña parte ya hizo uso de marihuana (12%. Entre los judicializados, todos revelaran delitosy 93% uso de alcohol y 85% el consumo de marihuana. La media del número de delitos distintos yahecho y el número de delitos en el último año fue significativamente mayor entre los adolescentesjudicializados.

  4. Prevalence and correlates of physical activity among adolescents from Southern Brazil Prevalencia de actividad física en adolescentes y factores asociados Prevalência de atividade física em adolescentes e fatores associados

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Samuel C Dumith

    2010-06-01

    actividad física de ocio fue 75,6% mientras que 73,4% presentaron alguna forma de traslado activo para la escuela. La prevalencia de actividad física total (escore ³ 300 min/sem fue 48,2% siendo mayor para los niños (62,6% que para las niñas (34,5%. Además, la prevalencia aumentó de acuerdo con el número de actividades físicas practicadas (pOBJETIVO: Estimar a prevalência de atividade física entre adolescentes e identificar fatores associados. MÉTODOS: Estudo transversal aninhado em uma coorte com 4.325 indivíduos de 14-15 anos em Pelotas, RS, em 2008. A atividade física foi analisada por meio de três diferentes abordagens: 1 prevalência de alguma atividade física de lazer; 2 prevalência de algum deslocamento ativo para a escola; 3 prevalência de engajamento em pelo menos 300 minutos por semana da combinação de ambos (1 e 2. Variáveis independentes incluíram características demográficas, socioeconômicas, comportamentais, sociais e biológicas e número de atividades físicas praticadas no tempo de lazer. As análises estatísticas foram feitas pela regressão de Poisson. RESULTADOS: A proporção de adolescentes envolvidos em alguma atividade física de lazer foi 75,6%, enquanto 73,4% apresentou alguma forma de deslocamento ativo para a escola. A prevalência de atividade física total (escore > 300 min/sem foi 48,2%, sendo maior para os meninos (62,6% do que para as meninas (34,5%. Além disso, a prevalência aumentou de acordo com o número de atividades físicas praticadas (p < 0,001. Os fatores associados à maior prática de atividade física (lazer + deslocamento nos níveis recomendados foram: cor de pele não-branca, ter repetido de ano na escola e jogar videogame. As variáveis menor nível socioeconômico, maior tempo de uso de computador e atividade física dos pais estiveram associadas ao desfecho apenas entre as meninas. CONCLUSÕES: Menos da metade dos adolescentes atingiu as recomendações para a prática de atividade física, e

  5. Elaboração do protocolo para avaliação forense de adolescentes em acolhimento institucional

    OpenAIRE

    Sales, Synara Sepúlveda

    2016-01-01

    O presente trabalho teve como objetivo elaborar um protocolo de avaliação forense para um grupo de adolescentes no momento de recepção do acolhimento institucional, a fim de proporcionar o encaminhamento para intervenções personalizadas, bem como a caracterização da amostra quanto a investigação, viabilidade e aplicabilidade do protocolo. O protocolo foi constituído por instrumentos que permitem caracterizar o adolescente e indicar as ações apropriadas que serão ofertadas ao jo...

  6. O PROCESSO DE ADOLESCER NO DISCURSO DE MULHERES ADOLESCENTES DE UMA COMUNIDADE PERIFÉRICA EM MANAUS

    OpenAIRE

    Vilma Gomes Mourão; Rosângela Francischini

    2018-01-01

    O trabalho promove uma discussão acerca da adolescência no que tange às diversas formas de entendimento desse termo ao longo da história, para, assim, nos aproximarmos das concepções que mulheres adolescentes de um bairro periférico da cidade de Manaus desenvolveram acerca da adolescência. Trata-se de uma pesquisa exploratória de base qualitativa, cujos dados foram construídos com seis adolescentes entre 16 e 19 anos e analisados por meio da análise de discurso (Pêcheux). Os resultados aponta...

  7. Cogitação e prática do aborto entre jovens em contexto de interdição legal: o avesso da gravidez na adolescência Considering and submitting to abortion among young people in the context of legal prohibition: the hidden side of teenage pregnancy

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Simone Ouvinha Peres

    2006-07-01

    Full Text Available Este artigo objetiva desvelar a presença da idéia do aborto como elemento do âmbito das reflexões dos jovens sobre uma gravidez na adolescência. Analisam-se dados de entrevistas semi-estruturadas com 123 jovens de 18 a 24 anos de ambos os sexos, moradores de Porto Alegre, Rio de Janeiro e Salvador, Brasil, pertencentes a distintos estratos sociais. A partir de informações sobre as circunstâncias amorosas, sexuais e reprodutivas dos entrevistados, foi construída uma tipologia das experiências de aborto, em um gradiente que vai desde a cogitação, a tentativa de concretizá-lo, sua realização e até a exclusão da possibilidade de interrupção da gestação. Os dados apontam que 73% dos jovens considerou a possibilidade do aborto, demonstrando uma expressiva presença da idéia desse recurso face à gravidez não prevista, mesmo em contexto de ilegalidade. Entre os 86 jovens com experiência de gestação, 27 declararam a prática do aborto, sendo vinte rapazes e sete moças. Os resultados indicam diferenças relativas ao gênero e contribuem para a compreensão da gravidez na adolescência ao examinar o aborto induzido, dimensão encoberta no debate público e científico sobre o tema.This article aims to unveil the notion of abortion as an element in young people's thoughts on teenage pregnancy. The study analyzes data from semi-structured interviews with 123 young men and women 18-24 years of age in Porto Alegre, Rio de Janeiro, and Salvador, Brazil, belonging to different social strata. Based on information concerning their affective, sexual, and reproductive circumstances, an abortion typology was established with a gradient ranging from considering the act to the attempt to materialize it, actually submitting to abortion, and even ruling out the possibility of interrupting the pregnancy. According to the data, 73% of interviewees had considered the possibility of an abortion, demonstrating an important presence of this notion

  8. Fatores associados ao hábito de assistir TV em excesso entre adolescentes Factors associated with excessive television watching among adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paula Dal Bó Campagnolo

    2008-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a freqüência com que os adolescentes assistem televis��o na região Sul do Brasil e quais fatores estão associados a esse comportamento. MÉTODOS: Estudo transversal, com 722 adolescentes entre 10 e 19 anos. Foi calculado a média de horas diárias que os adolescentes assistiam televisão. Foi realizada análise de regressão logística para analisar possível associação entre fatores sociodemográfico, antropométricos, atividade física, sexo e idade, com o hábito de assistir mais do que 4 horas diárias de televisão. RESULTADOS: Entre os adolescentes estudados, 41,1% assistiam mais do 4 horas de TV por dia. A prevalência de adolescentes que assistiam > 4h de TV foi maior entre aqueles com menos de 16 anos. Ser filho de mãe com escolaridade maior do que 8 anos (OR 1,9; IC 1,25-2,89 e possuir circunferência da cintura maior do que o percentil 80 (OR 2,77; IC 1,33-5,77 foi positivamente associado ao hábito de assistir televisão mais do que 4 horas diárias. CONCLUSÕES: Maior escolaridade materna e circunferência da cintura maior do que o percentil 80 estão associados ao comportamento de assistir TV em excesso entre os adolescentes. Esses achados devem ser utilizados para direcionar a elaboração de programas de saúde pública, especialmente por meio das escolas, enfocando adolescentes com faixa etária entre 10 e 15 anos, assim como devem servir de alerta para os profissionais de saúde e educadores.OBJECTIVE: to evaluate the frequency adolescents watch TV in southern Brazil and which factors are associated with this behavior. METHODS: This was a cross-sectional study. The sample consisted of 722 adolescents between 10 and 19 years of age. Logistic regression analysis was used to verify association between socio-demographic and anthropometric factors, physical activity, age and sex with the adolescents who watched TV for more than four daily hours. RESULTS: Forty-one percent of the adolescents watched more

  9. Automedicação em crianças e adolescentes Self-medication in children and adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francis S. V. T. Pereira

    2007-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Determinar a prevalência da automedicação em crianças e adolescentes dos municípios de Limeira e Piracicaba (SP, correlacionando-a a indicadores sociodemográficos e utilização de serviços de saúde (pública ou privada. MÉTODOS: Estudo descritivo tipo inquérito populacional domiciliar de uma amostra aleatória simples de ambos os municípios, constituída de 772 moradores procedentes de 85 setores censitários selecionados por meio de amostragem por conglomerado. Critérios de inclusão: idade OBJECTIVE: To determine the prevalence of self-medication in children and adolescents in the municipalities of Limeira and Piracicaba, state of São Paulo, and to correlate results with sociodemographic indicators and with the use of health care services (public or private. METHODS: Descriptive population-based study of a simple random sample from the two municipalities, comprised of 772 inhabitants from 85 urban census sectors selected through cluster sampling. Inclusion criteria: age < 18 years; interview with one parent/tutor; consumption of at least one drug in the previous 15 days. Subjects were divided into two study groups according to their pattern of drug use: self-medication (lay advice and medical prescription. Linear association tests, descriptive analysis of variables and multiple logistic regression tests were carried out to analyze data. RESULTS: The prevalence of self-medication was 56.6%. Mothers (51% and drugstore employees (20.1% were most frequently responsible for self-medication. The main groups of self-prescribed drugs were: analgesic/antipyretic and non-hormonal anti-inflammatory drugs (52.9%; drugs acting on the respiratory tract (15.4% and gastrointestinal drugs (9.6%; and systemic antibiotics (8.6%. The situation that most commonly motivated self-medication were respiratory diseases (17.2%, fever (15%, and headache (14%. Subjects in the age group of 7-18 years (odds ratio = 2.81 and public health care users

  10. Serviços de saúde e a violência na gravidez: perspectivas e práticas de profissionais e equipes de saúde em um hospital público no Rio de Janeiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sônia Maria Dantas Berger

    2011-06-01

    Full Text Available Este artigo apresenta resultados parciais de entrevistas semiestruturadas realizadas com 23 profissionais de saúde de uma maternidade pública, no contexto de um projeto de pesquisa-ação implantado para promover a identificação e o acolhimento de mulheres que sofrem violência na gravidez. As percepções sobre as relações de gênero e sobre a violência, nas suas vidas particulares e profissionais, incluíram tanto os possíveis sinais de violência apontados no comportamento de pacientes e familiares nas consultas e contatos, quanto as barreiras, possibilidades e condições necessárias para abordarem o assunto na rotina hospitalar. Observamos que suas visões foram ampliadas na entrevista individual e nas discussões coletivas subsequentes, num processo de 'visibilidade construída' que apontou as raízes sociais complexas da violência, bem como os limites e as responsabilidades profissionais apropriadas à situação vivida pelas pacientes e às condições de trabalho desses profissionais.

  11. Systematic review versus internet search: considerations about availability and reliability of medical information regarding pregnancy in women with multiple sclerosis Revisão sistemática versus busca na internet: considerações sobre a disponibilidade e acurácia das informações médicas referentes à gravidez em portadoras de esclerose múltipla

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Yara Dadalti Fragoso

    2012-12-01

    Full Text Available OBJECTIVE: To compare the results from a systematic medical review and meta-analysis on the subject of pregnancy and multiple sclerosis (MS with an internet review based on lay sites conducted by experts in computer-mediated communication, on the same subject. METHODS: The two reviews were carried out independently in English. Three medical doctors with experience in systematic reviews and two communication experts with experience in internet searching tools performed the study. RESULTS: Data from the medical systematic review showed some differences from that of highly accessed websites. CONCLUSION: Evidence-based studies conducted under the strictest rules for careful systematic reviews and meta-analyses should be available with open access, i.e. accessible without payment of a fee, thereby enabling worldwide knowledge on matters of great interest to healthcare providers and patients.OBJETIVO: Comparar os resultados de uma revisão sistemática médica com meta-análise sobre o tema gravidez em esclerose múltipla (EM aos resultados de uma revisão leiga, do mesmo assunto, baseada na Internet e conduzida por experts em comunicação mediada por computador. MÉTODOS: As duas revisões foram realizadas independentemente em inglês. Três médicos com experiência em revisões sistemáticas e duas experts em comunicação com experiência na busca de dados nas ferramentas da Internet realizaram este estudo. RESULTADOS: Os dados da revisão sistemática mostraram algumas diferenças daqueles que podem ser obtidos em websites de alto acesso. CONCLUSÃO: Estudos com dados baseado em evidência, realizados sob criteriosas regras válidas para revisão sistemática e meta-análise devem ser disponibilizados de forma aberta, ou seja, permitindo acesso sem pagamento de taxas, fazendo com que o conhecimento de assuntos de grande interesse a profissionais de saúde e pacientes se globalize.

  12. Linguagem oral e escrita em adolescentes infratores institucionalizados Oral and written language in institutionalized juvenile offenders

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carla Maria Ariano Destro

    2012-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: mapear e caracterizar a ocorrência de distúrbios de comunicação oral e/ou escrita em um grupo de jovens infratores institucionalizados, verificando possíveis impactos das dificuldades de linguagem e comunicação na vida social desses sujeitos. MÉTODO: estudo exploratório e descritivo, com 40 internos da Fundação Casa, entre 15 e 18 anos, da unidade UI 25 - Rio Negro, do complexo da cidade de Franco da Rocha - SP. Para a coleta de dados, foram aplicados o Teste do Mini-Exame do estado mental, com o objetivo de detectar eventuais alterações cognitivas; o Teste Montreal, que analisou habilidades simples de linguagem oral e escrita; e uma entrevista semi-estruturada, cujo roteiro versou sobre Saúde Geral, Trajetória Escolar, Trajetória Profissional e percepções sobre o comportamento infracional. RESULTADOS: verificou-se que a maior parte da população era alfabetizada e que não houve ocorrência de déficits cognitivos. Houve índice alto de abandono escolar, oriundo de dificuldades em acompanhar conteúdos escolares e se adaptar às regras e dinâmica escolar, o que indica impactos das dificuldades de linguagem, especialmente da linguagem escrita, em condição que, associadas a outros fatores, favoreceram os comportamentos infracionais. CONCLUSÃO: os jovens infratores apresentaram problemas para se desenvolver e se engajar a valores e normas sócio-culturais, como também escolares, o que impõe limites ao acesso e circulação discursiva desses sujeitos, restringindo os usos da linguagem, na condição de prática social ao desenvolvimento pessoal e da cidadania. Tais achados dão indícios, entre outros fatores, do impacto social que a precária escolarização e socialização dos jovens pode ajudar a acarretar. O estudo demonstra que a linguagem deve ser concebida como prática social, sobretudo, nas formas de expressão e de comunicação desses sujeitos.PURPOSE: to map and characterize the occurrence of oral and

  13. Maturação, qualidade de vida, composição corporal e actividade física em crianças e adolescentes saudáveis, residentes em Mira-Sintra

    OpenAIRE

    Aragão, Filipa Manuel dos Santos

    2012-01-01

    Mestrado em Desenvolvimento da Criança, variante de Desenvolvimento Motor Introdução: Um conhecimento mais aprofundado, consciente e consistente dos estilos de vida dos adolescentes, em particular, no que diz respeito à prática de actividade física, à sua morfologia corporal, bem como à percepção que os próprios têm da sua Qualidade de Vida Relacionada com a Saúde, poderá ajudar no planeamento e execução de intervenções melhoradas em saúde, com incidência a nível individual ou comunitár...

  14. Gravidez na adolescência e co-responsabilidade paterna: trajetória sociodemográfica e atitudes com a gestação e a criança Adolescent pregnancy and paternal co-responsibility: socio-demographic background and attitudes towards the pregnancy and the child

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Conceição Oliveira Costa

    2005-09-01

    Full Text Available O objetivo foi analisar mudanças sociodemográficas e atitudes dos co-responsáveis pela gravidez de adolescentes, nas ocasiões da gravidez e da entrevista. Estudo transversal, amostragem aleatória por conglomerado, com 438 entrevistas realizadas com adolescentes e adultas jovens, que foram mães na adolescência e freqüentaram as Unidades Básicas de Saúde de Feira de Santana, de agosto a dezembro de 2001. Foram calculados o qui-quadrado (x2 com significância em 5% e Razão de Prevalência. Entre as ocasiões da gravidez e da entrevista foram verificadas mudanças significantes (pThe objective was analyze partner-demographic changes and attitudes of the co-responsible ones for the adolescents’ pregnancy, in the occasions of the pregnancy and of the interview. A sectional study, aleatory sampling for conglomerate, with 438 interviews accomplished with adolescents and adult young, that were mothers in the adolescence and they frequented the Basic Units of Health (BHU of Feira de Santana, from August to December of 2001. For the statistical analysis, the qui-square (x2 and Prevalence Reason were realized with significance at 5%. Among the occasions of the pregnancy and of the interview, significant changes were verified (p <0,05: 57% studied the fundamental, decreasing to 32.8%; expressive increase of the ones that they stopped studying, of 6.4% (28 for 25.6% (111; decrease of the single proportions of 71.4% for 12.3% and increase of the married ones, of 23.8% for 66.3%. In the occasions of the pregnancy and of the interview, respectively, more than 80% worked and 30% with low income. About 80% of the men accepted the gestation and they registered the child, and about 12% proposed abortion and it was highest between the adolescents’ age. It was verified significant changes in the education and matrimonial situation of the co-responsible ones, and they presented positive attitudes due to the gestation and of civil certificate of the child.

  15. Perfil de adolescentes privados de liberdade em Santa Maria/RS Profile of adolescents deprived of freedom in Santa Maria/RS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jana Gonçalves Zappe

    2010-08-01

    Full Text Available Este trabalho apresenta as primeiras análises dos resultados da pesquisa intitulada "Adolescentes privados de liberdade: quem são, de onde vêm e para onde vão?", que teve como objetivo construir o perfil dos adolescentes que cumpriram medida socioeducativa de internação no Centro de Atendimento Socioeducativo Regional de Santa Maria durante o período de 1998 a 2007. As análises foram feitas através do programa Statistical Package for Social Sciences (Versão 14.0, e as características analisadas foram as seguintes: idade de ingresso, etnia, escolaridade e motivo do ingresso. Relacionamos esses resultados com a literatura sobre a situação social e psicológica em que se encontram os adolescentes autores de atos infracionais, constituindo-se como uma contribuição à construção de conhecimentos acerca dessa temática.This study presents the first analyzes of the data about the research entitled "Adolescents deprived of freedom: who are they, where do they come from and where do they go to?", which aimed to build up the profile of adolescents who have attended Socio-Educational Regional Care Center from Santa Maria, in the period of 1998 to 2007. The analyses were done by using the Statistical Package for Social Sciences (Version 14.0 Program. The variables analyzed were admission age, race/colour, educational records and reason for admission. We related these results with the literature on social and psychological situation of the adolescents who committed the infractional acts as a contribution to construct a body of knowledge on this subject.

  16. Identificação do lactato mínimo de corredores adolescentes em teste de pista de três estágios incrementais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rafael da Costa Sotero

    2011-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar a possibilidade de se determinar a velocidade de lactato mínimo (LM em corredores adolescentes utilizando-se apenas três estágios incrementais. MÉTODOS: Onze indivíduos (13,7 ± 1,0 anos; 47,3 ± 12,1kg; 160,0 ± 1,0cm; 18,3 ± 1,8kg/m² realizaram três testes de corrida em pista de atletismo em dias distintos: 1 desempenho de 3.000m (Vm3.000; 2 teste de LM que consistiu de um sprint de 500m para indução a hiperlactatemia, seguido de 10min de recuperação e seis séries de 800m em intensidades de 83, 86, 89, 92, 95 e 98% da Vm3.000; 3 teste de LM com três estágios (LMp3 semelhante ao protocolo anterior, porém, com três séries de 800m em intensidades de 83, 89 e 98% da Vm3.000. Durante o primeiro minuto de recuperação entre os estágios dos testes dois e três foram coletadas amostras de sangue para dosagem de lactato sanguíneo. Para determinação do LM foram empregadas: a inspeção visual (LM e b função polinomial de segunda ordem para identificar o LM em seis estágios (LMp e três estágios (LMp3. RESULTADOS: ANOVA demonstrou não haver diferenças entre as velocidades de lactato mínimo (m.min-1 identificadas pelos diferentes métodos (LM = 221,7 ± 15,4 vs. LMp = 227,1 ± 10,8 vs. LMp3 = 224,1 ± 11,2;. Altas correlações foram observadas entre os protocolos estudados e destes com a Vm3.000 (p < 0,01. CONCLUSÃO: Foi possível identificar a velocidade de corrida correspondente ao LM em adolescentes mesmo utilizando-se de apenas três estágios incrementais (LMp3.

  17. Fatores associados à atividade física e aos comportamentos sedentários em adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniel Giordani Vasques

    2009-01-01

    Full Text Available http://dx.doi.org/10.5007/1980-0037.2009v11n1p59   Objetivou-se analisar fatores associados à atividade física e aos comportamentos sedentários em adolescentes. A amostra foi composta de 1675 escolares (784 rapazes e 891 moças, de 11 a 17 anos de idade, de Caxias do Sul-RS. Um questionário foi aplicado para identificar o nível de atividade física (recordatório de 3 dias e o número de horas em comportamentos sedentários. Considerou-se como baixo nível de atividade física (baixo NAF um gasto energético menor do que 37kcal/kg/dia e exposição elevada a comportamentos sedentários (CSE assistir TV, jogar videogame ou utilizar computador mais do que 14h/semana. Os resultados do teste qui-quadrado indicaram que as moças apresentaram maior prevalência de baixo NAF (66,8%>43,2%; p84,0%; p=0,001. Baixo NAF associou-se aos rapazes a partir da regressão de Poisson, com residir com até 4 pessoas (RP=1,21;IC95%1,00-1,46 e com o baixo NAF da mãe (RP=1,23;IC95%1,00-1,53, e nas moças, com a faixa etária de 15-17 anos (RP=1,30;IC95%1,18-1,44, residir com até 4 pessoas (RP=1,17;IC95%1,04-1,31, possuir TV no quarto (RP=1,13;IC95%1,02-1,25 e deslocar-se passivamente à escola (RP=1,10;IC95%1,00-1,22. A CSE associou-se às moças à maior escolaridade do chefe da família (RP=1,08;IC95%1,01-1,16 e a possuir TV no quarto (RP=1,15;IC95%1,08-1,22. Destaca-se a associação entre as medidas de aproximação socioeconômica e os comportamentos de risco (baixo NAF e CSE. O conhecimento dos fatores associados ao baixo NAF e à CSE facilita a implantação de intervenções mais efetivas, a fim de promover um estilo de vida mais ativo.

  18. A violência intra-familiar contra adolescentes grávidas Violencia dentro de la família contra la adolescente embarazada Intrafamiliar violence against pregnant adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Claudete Ferreira de Souza Monteiro

    2007-08-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho é descrever como as adolescentes se relacionavam com seus familiares antes e após a descoberta da gravidez. Participaram quinze adolescentes que se encontravam no puerpério, em uma maternidade pública. Utilizamos como instrumento de coleta de dados a entrevista semi-estruturada. Para a análise dos dados recorremos à abordagem qualitativa. Os resultados indicam que as adolescentes viviam uma relação boa, mas ao revelarem que estavam grávidas são vítimas de atos violentos por parte dos pais e que diálogo sobre sexualidade e contracepção ainda é distante entre pais e filhos.El objetivo de este trabajo es describir como los adolescentes ellos se unieron con sus parientes antes y después del descubrimiento del embarazo. Quince adolescentes que estaban en el puerpério participaron, en una maternidad pública. El instrumento de recolección de datos utilizado fué la entrevista semi-estructurada. Para el análisis de datos fue utilizado el abordaje cualitativo. Los resultados indican que los adolescentes vivieron una relación buena, pero cuando ellos revelaran el embarazo sufriran actos violentos por parte de los padres y ese diálogo sobre la sexualidad y el anticoncepcionismo todavía está distante entre los padres y niños.The objective of this work is to describe how the adolescents had relationship with their relatives before and after the discovery of the pregnancy. Fifteen adolescents from a public maternity that were in the post-partum period participated fo the research. A semi-structured interview was used as instrument of data collection. Qualitative approach was used for data analysis. Results indicated that the adolescents had a good relationship, but when the pregnancy was revealed they became victims of violent acts by their parents and that dialogue about sexuality and contraception is still distant between parents and children.

  19. Ato infracional e medida socioeducativa: representações de adolescentes em L.A. Infraction and socio-educational measures: representations for adolescents in probation

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bianca Izoton Coelho

    2013-01-01

    Full Text Available A pesquisa analisou as representações sociais de ato infracional e medida socioeducativa em adolescentes em conflito com a lei. Utilizou-se, como aporte teórico e metodológico, a Teoria das Representações Sociais. Participaram da pesquisa quarenta e seis adolescentes que cumpriam, há mais de três meses, a medida de Liberdade Assistida. Os dados foram coletados, por meio de entrevistas, com um roteiro semiestruturado e consistiram na técnica das evocações livres por meio dos termos ato infracional e medida socioeducativa. Utilizou-se o software EVOC para análise das evocações emitidas. Os resultados apontaram como caracterização socioeconômica dos adolescentes: renda familiar baixa, baixo nível de escolaridade, local de residência precário, etnias afro-descendentes predominantes e distanciamento da religião. As representações sociais de ato infracional relacionaram-se aos tipos de atos infracionais e às suas causas e consequências. As representações sociais de medida socioeducativa relacionaram-se a ações positivas em que, além da aprendizagem, houve a possibilidade de mudança.The research has analised social representations of infraction and socio-educational measures in adolescents in conflict with the law. It has been used, as theoretical and methodological contribution, the Theory of Social Representations. Forty-six adolescents, who were serving for more than three months the measure of probation, have participated in the survey. Data were collected through interviews with a semi-structured screenplay and have consisted of the technique of free evocation, using the terms infraction and socio-educational measure. It has used the software EVOC for analysis of evocations issued. The results suggest the socio-economic status of adolescents: low family income, low educational level, place of residence precarious, African ethnicity predominant and distance from the religion. Social representations of infraction were

  20. Trajetória de adolescentes em conflito com a lei após cumprimento de medida socioeducativa em meio fechado = Path of young offenders after a socio-educational measure deprived of freedom = Trayectorias de adolescentes en conflicto con la ley después de cumplimiento de medida socioeducativa de internación

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nardi, Fernanda Ludke

    2014-01-01

    Full Text Available Esta pesquisa investigou trajetórias de adolescentes após cumprimento de medida socioeducativa de internação, através de estudo quantitativo e longitudinal. Participaram 143 adolescentes em conflito com a lei com idades entre 14 e 20 anos. Foi aplicada uma ficha de dados sociodemográficos e um questionário sobre fatores de risco e de proteção, além da realização de contatos telefônicos por um período de dois anos e meio. Os participantes foram divididos em quatro grupos: G1: reincidentes (n=22, G2: reinseridos socialmente (n=24, G3: manutenção da situação (n=38 e G4: outras situações (n=59. Os resultados indicaram que as variáveis contextuais não apresentaram associação com o tipo de trajetória. Quanto às variáveis pessoais, observou-se diferenças significativas, sendo que G2 apresentou níveis mais elevados em relação à autoestima enquanto G1 apresentou níveis mais altos de uso de drogas. Portanto, propostas de intervenção junto a essa população devem considerar tanto variáveis contextuais como variáveis pessoais

  1. Perfil antropométrico e sintomatologia anoréxica em adolescentes de escola pública Anthropometric profile and anorexia symptomatology on public school adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Márcia Cristina Pasinato Vergilio

    2011-09-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi identificar adolescentes com presença de sintomas de anorexia nervosa e distorção de imagem corporal em uma escola pública. A amostra compreendeu 58 adolescentes de ambos os sexos de 14 a 18 anos de idade. A avaliação do estado nutricional foi realizada por meio do Índice de Massa Corporal (IMC. Para a verificação de sintomas de anorexia nervosa e distorção de imagem corporal foram utilizados os questionários Teste de Atitudes Alimentares (EAT-26 e Body Shape Questionnaire (BSQ, respectivamente. De acordo com a avaliação do estado nutricional, 74,14% foram classificados com peso adequado. A análise do questionário BSQ mostrou que 24,24 e 4,00% dos adolescentes do sexo feminino e masculino, respectivamente, apresentaram distúrbio de imagem corporal. Segundo o EAT-26, 9,09% do sexo feminino e 8,00% do sexo masculino, respectivamente, classificaram-se com sintomas de anorexia. Observou-se, ainda, que 80,00% dos entrevistados, além de serem portadores de sintomatologia anoréxica, também apresentaram distúrbio de imagem corporal, sendo esta correlação estatisticamente significativa. Os resultados obtidos demonstraram presença de sintomatologia anoréxica, bem como significativa presença de distorção da imagem corporal, sendo as adolescentes as principais acometidas.Identify adolescents with a presence of symptoms of anorexia nervosa and body image distortion at a public school. The sample included 58 adolescents of both sexes, 14 to 18 years old. The nutritional status assessment was performed using the Body Mass Index (BMI. To investigate symptoms of anorexia nervosa and body image distortion, the Eating Attitudes Test (EAT-26 and Body Shape Questionnaire (BSQ were used, respectively. According to the nutritional status assessment, 74.14% were classified as having normal weight. The analysis of the BSQ showed that 24.24 and 4.00% of adolescent females and males had body image disturbance

  2. Prática alimentar e de atividade física em adolescentes obesos de escolas públicas e privadas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lívia Freitas Campos

    2014-03-01

    Full Text Available Objetivo: Avaliar a prática alimentar e o nível de atividade física em adolescentes obesos de escolas públicas (EPu e privadas (EPr de Fortaleza-CE. Métodos: Estudo transversal realizado com 272 adolescentes de Epu e EPr, no período de abril de 2007 a maio de 2009. Aplicou-se um questionário contendo dados de identificação (idade, sexo, antropométricos (peso e altura, situação escolar, prática alimentar e nível de atividade física. Resultados: Dos avaliados, observou-se que 160 (58,8% eram do sexo feminino, com idade média de 16,5 anos (±1,31. Houve prevalência da obesidade moderada, com 85,5%, (n=171 na EPu e 76,4%, (n=55 na EPr. Não se constatou diferença entre o grau de obesidade e a rede escolar. Sobre a prática alimentar, 70,2% (n=190 consumiam menos de cinco refeições ao dia e 56,3% (n=153 não faziam o café da manhã, não tendo diferença entre as redes escolares. O consumo de frutas (10%; n=27 e vegetais (14,1%; n=38 foi baixo. Os estudantes das EPr consumiam mais refrigerantes (41,7%; n=30 do que os da EPu (28,5%; n=57; p=0,03. Constatou-se, que 47% (n=93 dos alunos da EPu e que 32,4% (n=27 da EPr não consumiam fast-food (p=0,02. Identificou-se que os adolescentes das EPu eram mais ativos do que os das EPr (77%; n=153 versus 54,2%; n=40; p=0,0002, mas essa diferença não mostrou associação com o grau de obesidade (p=0,88. Conclusão: Os adolescentes das escolas públicas e particulares apresentavam prática alimentar inadequada, havendo poucas diferenças entre eles. Os jovens das EPu apresentaram-se mais ativos que os das EPr, entretanto, este nível de atividade física não influenciou no grau de obesidade. doi:10.5020/18061230.2014.p92

  3. Prática alimentar e de atividade física em adolescentes obesos de escolas públicas e privadas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lívia Freitas Campos

    2014-03-01

    Full Text Available Objetivo: Avaliar a prática alimentar e o nível de atividade física em adolescentes obesos de escolas públicas (EPu e privadas (EPr de Fortaleza-CE. Métodos: Estudo transversal realizado com 272 adolescentes de Epu e EPr, no período de abril de 2007 a maio de 2009. Aplicou-se um questionário contendo dados de identificação (idade, sexo, antropométricos (peso e altura, situação escolar, prática alimentar e nível de atividade física. Resultados: Dos avaliados, observou-se que 160 (58,8% eram do sexo feminino, com idade média de 16,5 anos (±1,31. Houve prevalência da obesidade moderada, com 85,5%, (n=171 na EPu e 76,4%, (n=55 na EPr. Não se constatou diferença entre o grau de obesidade e a rede escolar. Sobre a prática alimentar, 70,2% (n=190 consumiam menos de cinco refeições ao dia e 56,3% (n=153 não faziam o café da manhã, não tendo diferença entre as redes escolares. O consumo de frutas (10%; n=27 e vegetais (14,1%; n=38 foi baixo. Os estudantes das EPr consumiam mais refrigerantes (41,7%; n=30 do que os da EPu (28,5%; n=57; p=0,03. Constatou-se, que 47% (n=93 dos alunos da EPu e que 32,4% (n=27 da EPr não consumiam fast-food (p=0,02. Identificou-se que os adolescentes das EPu eram mais ativos do que os das EPr (77%; n=153 versus 54,2%; n=40; p=0,0002, mas essa diferença não mostrou associação com o grau de obesidade (p=0,88. Conclusão: Os adolescentes das escolas públicas e particulares apresentavam prática alimentar inadequada, havendo poucas diferenças entre eles. Os jovens das EPu apresentaram-se mais ativos que os das EPr, entretanto, este nível de atividade física não influenciou no grau de obesidade.

  4. Antisocial behavior and alcohol consumption by school adolescents Conducta antisocial y consumo de alcohol en adolescentes escolares Conduta anti-social e consumo de álcool em adolescentes escolares

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Karla Selene López García

    2008-04-01

    Full Text Available Adolescence is a vulnerable period and facilitates the start of risk behaviors, for instance the use of drugs. This study aims to describe the differences between antisocial behavior and alcohol consumption according to gender, age and education; as well as to discover the relation between antisocial behavior and alcohol consumption in 1,221 school adolescents from Monterrey - Nuevo Leon, Mexico. The findings reveal differences in antisocial behavior according to gender. Evidences showed that 41.3% of the students had consumed alcohol at sometime in their lives, and that differences exist in alcohol consumption according to age and education. Finally, the study found positive and significant relations between antisocial behavior and alcohol consumption (r s = .272, p La adolescencia se convierte en una etapa de vulnerabilidad y facilitador para el inicio de conductas de riesgo como es el consumo de drogas. Los objetivos del presente estudio fueron: describir las diferencias de la conducta antisocial y consumo de alcohol según sexo, edad y escolaridad; conocer la relación existente de la conducta antisocial con el consumo de alcohol en 1221 adolescentes escolares de Monterrey, Nuevo Léon, México, en relación a los hallazgos encontrados se presentan diferencias de la conducta antisocial por sexo; se destaca que 41.3% de los estudiantes consumieron alcohol alguna vez en su vida, y existen diferencias de consumo de alcohol por edad y escolaridad. Finalmente se encontró relación positiva y significativa de la conducta antisocial con el consumo de alcohol (r s=.272, pA adolescência se apresenta como uma etapa de vulnerabilidade e facilitadora para o início de condutas de risco como o consumo de drogas. Os objetivos do presente estudo foram: descrever as diferenças entre sexo, idade e escolaridade na conduta anti-social e o consumo de álcool e conhecer a relação existente entre a conduta anti-social e o consumo de álcool em 1221

  5. Gravidez na adolescência: valores e reações dos membros da família Embarazo en la adolescencia: valores y reacciones de los miembors de la familia Teen pregnancy: values and reactions of family members

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiza Akiko Komura Hoga

    2009-12-01

    Full Text Available Objetivo: Descrever as experiências dos membros da família a respeito da gravidez na adolescência. Métodos: Na pesquisa, desenvolvida com a abordagem qualitativa, utilizou-se a análise da narrativa para sistematizar os dados. Resultados: Das narrativas de 19 entrevistados emergiram três categorias descritivas: Valores familiares e orientações fornecidas; O recebimento da notícia e as providências tomadas e O suporte fornecido. Conclusões: A gravidez ocorreu em um contexto de organização familiar sólida e as trajetórias das mulheres adolescentes após o nascimento da criança foram marcadas por alianças e suporte da rede social. A constituição do novo núcleo familiar foi caracterizada pela existência de apoio material e afetivo dos membros da família.Objetivo: describir las experiencias de los miembros de la familia respecto al embarazo en la adolescencia. Métodos: En la investigación, desarrollada con abordaje cualitativo, se utilizó el análisis de la narración para sistematizar los datos. Resultados: Entre las narraciones de 19 entrevistados emergieron tres categorías descriptivas: a Valores familiares y orientaciones ofrecidas; b La recepción de la noticia y las providencias tomadas y c El soporte ofrecido. Conclusiones: El embarazo ocurrió en un contexto de organización familiar sólida y las trayectorias de las mujeres adolescentes después del nacimiento del niño fueron marcadas por alianzas y soporte de la red social. La constitución del nuevo núcleo familiar fue caracterizada por la existencia de apoyo material y afectivo de los miembros de la familia.Objective: To describe the experience of 19 family members regarding teen pregnancy. Methods: This was a qualitative study using narrative analysis approach. Results: Three categories emerged: a family values and sexual orientations given; b receiving the pregnancy news and arrangements made; and, c providing support tot eh pregnant teen. Conclusions: Teen

  6. Common mental disorders in adolescents: a population based cross-sectional study Transtornos mentais comuns em adolescentes: estudo transversal de base populacional

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Karen Amaral Tavares Pinheiro

    2007-09-01

    Full Text Available OBJECTIVE: To assess the prevalence and the factors associated with common mental disorders among adolescents in Pelotas, a southern Brazilian city. METHOD: A population based cross-sectional study was carried out in the urban area of Pelotas. Multi-stage sampling was used to obtain a sample of adolescents aged between 15 and 18 years. Adolescents were interviewed using a self-report confidential questionnaire. The presence of common mental disorders was assessed using the Self-Reporting Questionnaire 20 (SRQ-20. Multivariate analysis was carried out using the Poisson regression with a robust adjustment of variance and control for design effect. RESULTS: Nine hundred and sixty adolescents were interviewed. The prevalence of common mental disorders was 28.8%. Adolescents aged 17 years showed prevalence of 1.37 (95% CI 1.06-1.78 times greater than the 15 year olds. Adolescents whose mothers had between 5 and 8 years of schooling had a prevalence 1.42 (95% CI 1.01-1.51 times greater than those whose mothers had more than 8 years of schooling. Smoking and sedentary behavior were also associated with an increased prevalence of common mental disorders. Those who were dissatisfied with their body image showed a prevalence of 1.47 (95% CI 1.07-2.02. CONCLUSIONS: Maternal schooling, tobacco smoking, sedentary behavior and body image dissatisfaction were factors associated with the presence of common mental disorders.OBJETIVO: Avaliar a prevalência e os fatores associados à presença de transtornos mentais comuns entre adolescentes em Pelotas, uma cidade do sul do Brasil. MÉTODO: Foi realizado um estudo transversal populacional na área urbana de Pelotas. Foi utilizada uma amostragem multi-etapas para obter uma amostra de adolescentes com idades entre 15 e 18 anos. Os adolescentes foram entrevistados utilizando um questionário confidencial auto-aplicável. A presença de transtornos mentais comuns foi avaliada utilizando o Self-Reporting Questionnaire

  7. Corpo e sexualidade na gravidez

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Natalúcia Matos Araújo

    2012-06-01

    Full Text Available Estudo etnográfico que teve como objetivo compreender como as gestantes vivenciam os processos fisiológicos do seu corpo durante a gestação e a sua repercussão na sexualidade. A pesquisa envolveu sete mulheres residentes em bairro popular de São Paulo. Na coleta de dados, utilizou-se observação participante e entrevista com questões norteadoras. Os dados foram apresentados na forma de narrativa e posteriormente organizados nas categorias: Percebendo as transformações corporais; Convivendo com as mudanças no corpo; Sentimentos e sensações na vida sexual durante a gestação e imaginando o corpo e a sexualidade após a gestação. As mulheres referiram-se às transformações do corpo como desconfortos e expressaram a preocupação de que fossem definitivas. Expressaram o desejo de que, após o parto, o corpo volte a ser como era e que volte a sentir desejo sexual. O reconhecimento destes fatos constitui-se numa ferramenta primordial na adequação das práticas profissionais.

  8. Perfil nutricional de recém-nascidos de mães adolescentes suplementadas com ferro, em diferentes concentrações, zinco e ácido fólico Nutritional profile of newborns of adolescent mothers supplemented with iron, in different concentrations, zinc and pholic acid

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nadir do Nascimento NOGUEIRA

    2002-08-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi avaliar o estado nutricional de recém-nascidos de mães adolescentes com até 18 anos de idade, de baixa renda, suplementadas durante a gravidez com ferro, em diferentes concentrações, zinco e ácido fólico. Estas mães fizeram pré-natal no Instituto de Perinatologia Social do Piauí, Maternidade Dona Evangelina Rosa, no município de Teresina, Piauí, Nordeste do Brasil. As adolescentes foram aleatoriamente distribuídas em cinco grupos: grupos I e II receberam quantidades constantes de ácido fólico (250 µg e diferentes concentrações de ferro, na forma de sulfato ferroso (120 e 80 mg, respectivamente; grupos III e IV receberam quantidades constantes de ácido fólico (250 µg associado ao sulfato de zinco (5 mg e ferro nas concentrações de 120 e 80 mg, respectivamente; e grupo V, considerado controle, recebeu apenas ferro (120 mg (rotina da Instituição. A avaliação do estado nutricional de 74 recém-nascidos foi feita através de dados referentes à idade, peso, comprimento e perímetro cefálico, por ocasião do nascimento. De acordo com os resultados, as médias de peso (3000 ± 418 g, comprimento (48,07 ± 2,15 cm e perímetro cefálico (33,53 ± 1,50 cm encontradas para os filhos de mães do grupo V (rotina local não diferem dos grupos de intervenção. Conclui-se que os recém-nascidos de adolescentes suplementadas com ferro em diferentes concentrações (120 e 80 mg, zinco e ácido fólico apresentaram um bom perfil nutricional. No entanto, não se observou, entre os grupos de intervenção e o controle, diferenças significativas na duração da gravidez ou no estado nutricional dos bebês.The objective of this study was to evaluate the nutritional status of newborn infants of low income adolescent mothers, aged up to 18 years old, supplemented during pregnancy with iron, in different concentrations, zinc and folic acid. These mothers received prenatal care supervision in the Institute of

  9. O preenchimento do sujeito pronominal em textos escritos de alunos adolescentes de Florianópolis DOI:10.5007/1984-8420.2010v11nespp94

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Christiane Nunes de Souza

    2010-01-01

    Full Text Available Este trabalho tem como propósito investigar os resultados da distribuição do número de sujeitos nulos e sujeitos realizados (ambos pronominais em amostras de textos escritos de alunos adolescentes de uma escola pública de Florianópolis, considerando o controle das variáveis: ‘pessoa do discurso’, ‘forma de realização do pronome’, ‘concordância verbal’, ‘sexo/gênero’ e ‘escolaridade’. Os resultados estatísticos atestam estudos anteriores no sentido de mostrar uma tendência ao preenchimento do sujeito pronominal, motivada tanto por fatores linguísticos (‘formas de realização do pronome’ e ‘concordância’ como extralinguísticos (‘escolaridade’.

  10. Violência sexual e sua prevalência em adolescentes de Porto Alegre, Brasil Sexual violence and its prevalence among adolescents, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Guilherme Vanoni Polanczyk

    2003-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Verificar a prevalência da exposição à violência sexual entre adolescentes estudantes de escolas estaduais. MÉTODOS: Foram selecionadas 52 escolas estaduais de Porto Alegre, RS, Brasil, com ensino fundamental completo, por meio de um processo de amostragem aleatória, estratificada de acordo com o tamanho das escolas. Foi selecionada, em cada escola, uma turma de oitava série por sorteio aleatório e foram incluídos todos os adolescentes presentes nas salas de aula que consentiram em participar do estudo. Foi utilizado o instrumento Triagem da Exposição de Crianças à Violência na Comunidade para identificar jovens que foram vítimas, testemunhas ou que conheciam vítimas de atos de violência sexual. RESULTADOS: Foram incluídos 1.193 adolescentes, representando 10,3% dos alunos matriculados na oitava série da rede estadual da cidade. Vinte e sete (2,3% adolescentes relataram ter sido vítimas de violência sexual, 54 (4,5% ter sido testemunhas de algum tipo de violência sexual e 332 (27,9% relataram conhecer alguém que tenha sido vítima de violência sexual. CONCLUSÕES: A exposição à violência sexual pelas três formas de contato relatadas mostrou-se freqüente entre os adolescentes estudados. São necessários estudos que abordem a violência sexual como um fenômeno social amplo, com múltiplos fatores associados, amparando estratégias comunitárias de prevenção e de tratamento.OBJECTIVE: To assess the prevalence o sexual violence among adolescents of public schools. METHODS: Fifty-two public elementary schools of Porto Alegre, Brazil, were selected through random sampling stratified by school size. An 8th grade class was selected in each school through simple random sampling and all adolescents attending the classes who agreed to participate were included in the study. The Screening Survey of Children's Exposure to Community Violence was used to identify adolescents who were victims, witnesses or knew

  11. Excesso de peso e qualidade de vida relacionada à saúde em adolescentes de Florianópolis, SC Exceso de peso y calidad de vida relacionada con la salud en adolescentes de Florianópolis, Sur de Brasil Overweight and health-related quality of life in adolescents of Florianópolis, Southern Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nádia Kunkel

    2009-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a qualidade de vida relacionada à saúde de adolescentes e sua associação com o excesso de peso. MÉTODOS: Estudo transversal com 467 adolescentes de 15 a 18 anos de idade de uma escola pública de Florianópolis, SC, e de seus respectivos pais, realizado em 2007. Sobrepeso e obesidade foram definidos pelo índice de massa corporal. A combinação de sobrepeso e obesidade foi considerada como excesso de peso. A qualidade de vida relacionada à saúde foi avaliada por meio do questionário sobre qualidade de vida pediátrica PedsQL 4.0, versões adolescente e pais. Análises dos dados incluíram estatística descritiva e regressão logística com estimação de razões de chances brutas e ajustadas. RESULTADOS: A taxa de resposta entre adolescentes foi de 99,4% e entre os pais 53,4%. As prevalências de sobrepeso e obesidade foram de 12,2% e 3,6%, respectivamente. O grupo com excesso de peso obteve menores escores de qualidade de vida que o grupo sem excesso de peso, exceto para o domínio emocional nos adolescentes e na saúde psicossocial para os pais. Após o ajuste, a chance de um adolescente com excesso de peso ter baixa qualidade de vida foi 3,54 vezes (IC 95% 1,94;6,47 maior que um adolescente sem excesso de peso. Adolescentes do sexo feminino apresentaram escores mais baixos de qualidade de vida. CONCLUSÕES: A qualidade de vida relacionada à saúde foi significativamente mais baixa em adolescentes com excesso de peso. Medidas dirigidas ao controle de peso na população adolescente e instrumentos de avaliação de qualidade de vida constituem-se importantes aliados para um melhor e mais completo entendimento deste importante problema de saúde pública.OBJETIVO: Evaluar la calidad de vida relacionada con la salud de adolescentes y su asociación con exceso de peso. MÉTODOS: Estudio transversal con 467 adolescentes de 15 a 18 años de edad de una escuela pública de Florianópolis, Sur de Brasil, y de sus

  12. Assistência em saúde às crianças e adolescentes abrigados em Ribeirão Preto, SP Atención en salud a los niños y adolescentes abrigados en Ribeirão Preto, SP Health care to children and adolescents sheltered in Ribeirão Preto, SP

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria das Graças Carvalho Ferriani

    2008-06-01

    Full Text Available O presente artigo tem como objetivo descrever a assistência em saúde oferecida às crianças e adolescentes abrigados no Centro de Atendimento à Criança e ao Adolescente Vitimizados (CACAV, no município de Ribeirão Preto-SP. O estudo é descritivo e exploratório. Os dados foram coletados mediante entrevista semi-estruturada, observação não estruturada e análise documental. Os pontos que investigamos foram as estruturas de recursos humanos e do espaço físico do abrigo e a assistência em saúde prestada pelo abrigo e pela unidade de saúde de referência. Observamos muitas deficiências, cujas soluções não dependem apenas do abrigo, mas sim de uma articulação com outros setores, buscando uma assistência em saúde de qualidade, que contemple as necessidades das crianças e adolescentes em sua integralidade.La finalidad de este artículo fue describir la atención en salud ofrecida a los niños y adolescentes abrigados en el Centro de Atención al Niño y al Adolescente Victimizados (CACAV, en la ciudad de Ribeirão Preto-SP, Brasil. El estudio es descriptivo y exploratorio. Los datos fueron recolectados mediante entrevista semiestructurada, observación no estructurada y análisis documental. Los puntos que investigamos fueron las estructuras de recursos humanos y del espacio físico del abrigo y la atención en salud prestada por el abrigo y por la unidad de salud de referencia. Observamos muchas deficiencias, cuyas soluciones dependen no solamente del abrigo, pero si de una articulación con otros sectores, buscando una atención en salud de cualidad, que contemple las necesidades de los niños y adolescentes en su integralidad.This article aims to describe the health care offered to children and adolescents sheltered at the Care Center for Child and Adolescent Victims, in Ribeirão Preto-SP, Brazil. The study is descriptive and exploratory. Data were collected through semistructured interview, non-structured observation and

  13. PERCEPÇÃO E ENFRENTAMENTO DA DOR EM CRIANÇAS E ADOLESCENTES COM FIBROMIALGIA JUVENIL E ARTRITE IDIOPÁTICA JUVENIL POLIARTICULAR

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Melissa Mariti Fraga

    2018-06-01

    Full Text Available RESUMO Objetivo: Mensurar e comparar a dor musculoesquelética em pacientes com fibromialgia juvenil (FMJ e em pacientes com artrite idiopática juvenil poliarticular (AIJ; e avaliar e comparar a percepção e o enfrentamento da dor. Métodos: Foram avaliados, em estudo transversal, 150 crianças e adolescentes (e seus respectivos pais, divididos em três grupos: FMJ, AIJ e controles saudáveis. A mensuração e o enfrentamento da dor foram realizados por meio de instrumentos específicos. Para a avaliação da percepção da dor, desenvolveram-se três vinhetas com simulação de situações que pudessem gerar dor: aplicação de injeção, queda de bicicleta e isolamento social. Os pais e os pacientes responderam individualmente quanto à percepção da dor em cada situação. Resultados: As maiores notas de dor, os menores escores de enfrentamento da dor, as maiores notas para a percepção da dor nas vinhetas e os piores índices de qualidade de vida relacionada à saúde foram observados nos pacientes com FMJ, quando comparados aos pacientes com AIJ e aos controles. O mesmo padrão foi observado com os respectivos pais. Conclusões: Pacientes com AIJ e FMJ se comportam diferentemente em relação à percepção da dor e ao desenvolvimento de técnicas para o enfrentamento da dor. A dor deve ser avaliada sob diferentes perspectivas para um planejamento mais individualizado e efetivo do tratamento desses pacientes.

  14. A entrevista motivacional em adolescentes usuários de droga que cometeram ato infracional Motivational interview with adolescent drug users who have an infringement

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ilana Andretta

    2011-01-01

    Full Text Available A drogadição na adolescência é um problema de saúde publica com alto custo para a sociedade, e há uma relação direta entre este e o cometimento de ato infracional. O objetivo deste estudo foi verificar a efetividade da Entrevista Motivacional (EM em adolescentes que cometeram ato infracional, usuários de drogas. Utilizou-se a Entrevista Motivacional no grupo experimental e no grupo controle a Psicoeducação. Participaram do estudo 48 adolescentes: 27 no grupo da EM e 21 no grupo da Psicoeducação. O grupo da EM diminuiu consumo de maconha e tabaco e o grupo da Psicoeducação diminuiu o consumo de maconha e álcool. Com relação aos estágios motivacionais, independente do grupo, observou-se redução na média da pré-contemplação. As técnicas apresentaram resultados positivos em relação à diminuição do consumo de drogas e da média de pré-contemplação, entretanto, não houve diferença significativa entre as duas.Drug addiction in adolescence is a public health problem with high cost to the society, and there is a direct relationship between it and the commission of an infringement. The aim of this study was to evaluate the effectiveness of Motivational Interview (MS in adolescent drug users who have committed an infringement. We used the Motivational Interview in the experimental group and the Psychoeducation in the control group. Forty eight adolescents participated of the study: 27 in the MS group and 21 in the group of Psychoeducation. The group of MS decreased consumption of marijuana and tobacco and the Psychoeducation group decreased the consumption of marijuana and alcohol. With respect to motivation, regardless of group settings, there was reduction in the average of pre-contemplation. The techniques presented positive results in terms of reducing drug use and the average of pre-contemplation. However, there was no significant difference between the two techniques.

  15. Efeitos do tiotixene (P-4657 B em crianças e adolescentes psicóticos Effects of thiothixene (P-4657 B in 'psychotic children and adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edy S. Navarro

    1968-12-01

    Full Text Available Foram estudados os efeitos do tiotixene (P-4657B em 34 crianças e adolescentes psicóticos dos quais '29 eram esquizofrênicos, tendo 17 deles menos de um ano de tempo de doença e 12 mais de um ano de doença. Foram obtidos bons resultados em 20 casos com nítida melhora na sintomatologia psíquica. Os efeitos colaterais foram de pequena intensidade. Os exames subsidiários (hemograma, provas de função hepática e eletrencefalograma não revelaram alterações significativas. Assim o tietixene confirmou sua atividade antipsicótica não só nos casos em que foi o primeiro tratamento instituído como também em alguns pacientes que tinham sido tratados com outras drogas antipsicóticas sem resultados satisfatórios. Foi assinalado efeito nítido sobre o apragmatismo e o embotamento afetivo. Ocorreu ação sedativa nas agitações psicomotoras devendo-se salientar que o resultado positivo se fez quase sempre sentir com dose mínima (5 — 10 mg/dia já nos primeiros dias de tratamento. Foi ótima a tolerância ao medicamento. Os efeitos colaterais foram mínimos. Sendo a esquizofrenia em crianças e adolescentes de difícil tratamento, a existência desta nova droga é, na opinião dos autores, uma util contribuição para sua terapêutica.The effects of thiothixene (P-4657 B in 34 psychotic children and adolescents were studied; 29 were schizophrenic subjects, 17 had been ill for less than one year and 12 for a longer time. Good results were observed in 20 cases, with evident improvement of the psychiatric symptomatology. Tolerance has been very good and side effects minimum. Subsidiary examinations (hemoglobin level and leucocyte count, tests for evaluation of the functional state of the liver and electroencephalogram were normal. The thiothixene was observed to have an antipsychotic effect when used as the first treatment, as well as when the patient had already been treated with other antipsychotic drugs without satisfactory result

  16. Problemas de saúde mental e tabagismo em adolescentes do sul do Brasil Problemas de salud mental y tabaquismo en adolescentes del sur de Brasil Mental health problems and smoking among adolescents from Southern Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana M B Menezes

    2011-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar a associação entre problemas de saúde mental e uso de tabaco em adolescentes. MÉTODOS: Foram analisados 4.325 adolescentes de 15 anos da coorte de nascimentos de 1993 da cidade de Pelotas, RS. Tabagismo foi definido como fumar um ou mais cigarros nos últimos 30 dias. Saúde mental foi avaliada de acordo com o escore total do questionário Strengths and Difficulties Questionnaire e escore maior ou igual a 20 pontos foi considerado como positivo. Os dados foram analisados por regressão de Poisson, com ajuste robusto para variância. RESULTADOS: A prevalência de tabagismo foi 6,0% e cerca de 30% dos adolescentes apresentaram algum tipo de problema de saúde mental. Na análise bruta, a razão de prevalências para tabagismo foi de 3,3 (IC95% 2,5; 4,2. Após ajuste (para sexo, idade, cor da pele, renda familiar, escolaridade da mãe, grupo de amigos fumantes, trabalho no último ano, repetência escolar, atividade física de lazer e uso experimental de bebida alcoólica, diminuiu para 1,7 (IC95% 1,2; 2,3 entre aqueles com problemas de saúde mental. CONCLUSÕES: Problemas de saúde mental na adolescência podem ter relação com o consumo de tabaco.OBJETIVO: Analizar la asociación entre problemas de salud mental y uso de cigarro en adolescentes. MÉTODOS: Se analizaron 4.325 adolescentes de 15 años de la cohorte de nacimientos de 1993 de la ciudad de Pelotas, Sur de Brasil. Tabaquismo fue definido como fumar uno o más cigarros en los últimos 30 días. Salud mental fue evaluada de acuerdo con el escore total del cuestionario Strengths and Difficulties Questionnaire y escore mayor o igual a 20 puntos fue considerado como positivo. Los datos fueron analizados por regresión de Poisson, con ajuste robusto para varianza. RESULTADOS: La prevalencia de tabaquismo fue 6,0% y cerca de 30% de los adolescentes presentaron algún tipo de problema de salud mental. En el análisis bruto, la tasa de prevalencias de problema de

  17. Impacto do DSM-5 no diagnóstico de transtornos de aprendizagem em crianças e adolescentes com TDAH: um estudo de prevalência

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Beatriz Vargas Dorneles

    2014-12-01

    Full Text Available Estudos de prevalência de Transtornos de Aprendizagem (TA em crianças e adolescentes com TDAH apresentam resultados não conclusivos, apesar da frequente comorbidade entre as síndromes. Esse artigo descreve e analisa a prevalência de TA em uma amostra referida de 270 crianças e adolescentes com TDAH atendidas no Programa de Transtornos de Déficit de Atenção/Hiperatividade/Hospital de Clínicas de Porto Alegre - Universidade Federal do Rio Grande do Sul (ProDAH/HCPA-UFRGS, de acordo com os critérios diagnósticos do Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais IV - versão revisada (DSM-IV-TR. Verificou-se que 46,7% dos estudantes apresentam, pelo menos, um TA, sendo o Transtorno da Expressão Escrita o mais frequente (32,6%. Discutiu-se o potencial impacto das mudanças nos critérios diagnósticos para os TA, propostas pelo DSM-5 na prevalência desses transtornos. Embora seja possível afirmar que ocorrerão alterações nas taxas de prevalência de TA, o impacto do DSM-5 sobre a prevalência, especificidade e comorbidade do TA permanece incerto, já que há mudanças que ampliarão a abrangência dos critérios de inclusão e outras que a reduzirão.

  18. Relação entre fatores de personalidade e estratégias de coping em adolescentes Relationship between personality factors and coping strategies in adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Simon Santana Diniz

    2010-04-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo é investigar a relação entre fatores de personalidade e estratégias de coping em adolescentes. Participaram desta pesquisa 102 jovens de uma escola municipal de Goiânia com idade entre 11 e 15 anos, utilizando o Coping Response Inventory e a Bateria Fatorial de Personalidade. Os dados obtidos demonstraram que meninas utilizam mais a análise lógica para resolver seus problemas e os meninos apresentam maior pontuação em neuroticismo; que os adolescentes mais jovens utilizam mais coping de evitação e os mais velhos, o coping de aproximação; e que tanto a apreciação do problema como os traços de personalidade relacionam-se significativamente com o uso de estratégias de coping. Os resultados são discutidos de acordo com as teorias de coping.The aim of this study is to investigate the relationship between personality factors and coping strategies in adolescents. 102 students from a municipal school in Goiânia aged between 11 and 15 years old was assessed using Coping Response Inventory and the "Bateria Fatorial de Personalidade". Data showed that girls use more logical analysis to solve their problems and that boys had higher scores on neuroticism; that younger adolescents use more avoidance coping responses and older ones use more approach coping responses; and that both coping appraisal and personality traits are significantly related to the use of coping strategies. The results are discussed according to coping theories.

  19. Fatores psicológicos de risco e protetores associados à ideação Suicida em Adolescentes

    OpenAIRE

    Brás, Marta; Jesus, Saul; Carmo, Cláudia

    2016-01-01

    Os adolescentes são referenciados como um grupo de risco de suicídio, no Plano Nacional de Prevenção do Suicídio (DGS, 2013), pelo que importa estudar a sua vulnerabilidade psicológica para os atos suicidas. O presente estudo teve como principal objetivo estudar a relação dos fatores psicológicos de risco e de proteção com a ideação suicida. A amostra foi constituída por 344 adolescentes, com idades compreendidas entre os 14 e os 19 anos (M = 16,97; DP = 1,11), dos quais 144 eram do sexo masc...

  20. Situação da violência sexual contra adolescentes em Campo Grande – Mato Grosso do Sul

    OpenAIRE

    Justino, Lucyana Conceição Lemes

    2014-01-01

    Esta pesquisa teve como objetivo geral conhecer a situação da violência sexual contra adolescentes no Município de Campo Grande/Mato Grosso do Sul. Trata-se de um estudo transversal. A população foi composta por 172 fichas de notificação do Sistema de Informação de Agravos de Notificação (SINAN), correspondentes ao período de janeiro de 2009 a janeiro de 2013, de adolescentes que sofreram violência sexual, na faixa etária de 12 a 18 anos incompletos de idade, de ambos os sexos. A coleta de da...

  1. Equivalência conceitual, de itens, semântica e operacional da versão brasileira do s-EMBU para aferição de práticas educativas parentais em adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paula Florence Sampaio

    2014-08-01

    Full Text Available O processo de educação de crianças e adolescentes por seus pais tem sido pouco valorizado em pesquisas que embasam ações de promoção de saúde e bem-estar infantil. Esta nota apresenta a primeira fase do processo de adaptação transcultural da versão brasileira para adolescentes do instrumento s-EMBU, que pretende aferir as práticas educativas parentais. Baseado no modelo universalista, este estudo focaliza as quatro primeiras etapas desse processo: avaliação das equivalências conceitual, de itens, semântica e operacional. Para tal, foram feitas revisão da literatura, discussão com especialistas, tradução e retrotradução dos itens. Entretanto, pré-teste realizado com dez adolescentes revelou que alguns itens ainda não captavam os construtos subjacentes pretendidos. Após mudanças em sua redação, esses foram compreendidos corretamente, conforme proposto pelo instrumento original. Os achados apresentados indicam que essa versão brasileira do s-EMBU para adolescentes parece promissora, devendo ser realizados estudos psicométricos futuros a fim de complementar seu processo de adaptação transcultural.

  2. The search for equality: representations of the smoking act among adolescent women En búsqueda de la igualdad: representaciones del acto de fumar en mujeres adolescentes Em busca da igualdade: representações do ato de fumar em mulheres adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    J. Adriana Sánchez Martínez

    2008-08-01

    Full Text Available This study aimed to discover the representations of the smoking habit in both non-smoking and smoking female adolescents from a high school in Querétaro, Mexico. It is a qualitative research, carried out with 14 female adolescents in 2005. A semi-structured interview and a socioeconomic survey were used to collect data. Results evidenced adolescents know the biomedical discourse, which proposes that smoking causes serious consequences to health. However, there are other symbolic reasons that influence its use such as the search for equality and image, since they think men find smoking women more attractive and mature. Peer pressure represents an important factor for women to smoke by validating its practice and minimizing its effects to the body.El objetivo de este estudio fue conocer las representaciones del acto de fumar en mujeres adolescentes fumadoras y no fumadoras de una institución de educación media superior en el estado de Querétaro, México. Es una investigación cualitativa realizada en el 2005 con 14 mujeres adolescentes. Como instrumento de recogida de información se utilizó una entrevista semi-estructurada y un cuestionario de datos sociodemográficos. Los resultados señalan que las adolescentes conocen el discurso biomédico que plantea que fumar trae graves consecuencias en el organismo, pero hay otras razones simbólicas que inciden en el consumo, tales como la búsqueda de la igualdad con los hombres y la imagen, ya que consideran que para los hombres una mujer que fuma es atractiva y tiene un grado más alto de madurez. El grupo social ejerce una influencia muy importante para que las mujeres fumen al validar la práctica y minimizar los daños en el organismo.O objetivo deste estudo foi conhecer as representações do ato de fumar em mulheres adolescentes, tanto fumantes quanto não fumantes, de uma instituição de Educação Superior no Estado de Querétaro, México. Trata-se de uma investigação qualitativa

  3. Epidemiologia dos transtornos do desenvolvimento psicológico em adolescentes: uso de álcool e outras drogas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fábio Vinícius Rocha

    2015-01-01

    Full Text Available identificar las características personales y clínicas de adolescentes con Trastornos del Desarrollo Psicológico, usuarios de alcohol y otras drogas. Método: estudio retrospectivo que analizó la atención en un Centro de Atención Psicosocial III. Resultados: de 415 adolescentes tratados, 52,3% eran mujeres; 89,9% con 12 a 14 años; 51,6% asistidos por orden judicial; 28,2% tenían “Trastorno del Desarrollo Psicológico no Especificado”; 32,3% utilizaban múltiples drogas. Tener entre 12 y 14 años presentó, respectivamente, riesgos 2,5 y 1,5 veces mayores de Trastorno de Desarrollo Psicológico. Consumidores de cocaína/grieta presentaron más probabilidad (4,27 veces de recibir el diagnóstico “Uso de Sustancias Psicoactivas”. Conclusión: los adolescentes son tratados según la Ley, que requiere tratamiento debido a las inadecuaciones al convivio común, en alto uso de cannabinoides, y la dificultad de profesionales en la atención de los Trastornos del Desarrollo Psicológico.

  4. CARACTERÍSTICAS DO PRÉ-NATAL DE ADOLESCENTES EM CAPITAIS DAS REGIÕES SUL E NORDESTE DO BRASIL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rita Fernanda Monteiro Fernandes

    2015-01-01

    Full Text Available cuantitativo descriptivo que objetivó describir algunos aspectos de la atención prenatal de adolescentes en hospitales de enseñanza de la región Sur y Nordeste de Brasil, basado en los criterios de calidad del Programa de Humanización del Prenatal. Es un recorte de la “pesquisa “Redes sociales de apoyo a la paternidad en la adolescencia”. La colecta de los datos ocurrió de diciembre de 2008 a diciembre de 2009. La amuestra se constituyó de 559 puérperas adolescentes. Los resultados evidenciaron que 98% de las pesquisadas realizaron prenatal, 67,2% frecuentaron seis o más consultas médicas y 62,5% empezaron en el primer trimestre de gestación. Cuanto a los análisis de rutina, ni todos fueron realizados y 41,8% negaron haber recibido informaciones acerca del trabajo de parto y parto durante las consultas prenatales. Se concluye que la mayoría de las adolescentes realizó el prenatal conforme los criterios preconizados por el Programa, pero todavía hacen falta acciones educativas y orientaciones durante las consultas.

  5. Bordetella pertussis en estudiantes adolescentes de la Ciudad de México Bordetella pertussis em estudantes adolescentes da Cidade do México Bordetella pertussis in adolescents students in Mexico City

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patricia Tomé Sandoval

    2008-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Estimar la seroprevalencia a Bordetella pertussis en escolares y sus contactos escolares y familiares. MÉTODOS: Un total de 12.273 estudiantes de 12 a 15 años de edad, de 14 escuelas secundarias públicas de la Ciudad de México fueron estudiados durante los meses de Septiembre 2002 a Marzo 2003. Se tomó muestra de exudado nasofaríngeo en adolescentes con tos de más de 14 días de evolución. La infección fue confirmada por la técnica de reacción en cadena de polimerasa. Se realizó estudio de contactos escolares y familiares. RESULTADOS: La incidencia de tos fue de 5 para 1.000 estudiantes. De los 61 estudiantes con tos incluidos en la muestra, 20 (32,8% fueron positivos para Bordetella. De los 152 contactos escolares, 16 (10,6% resultaron positivos, y ocho tenían tos. Uno de esos contactos fue el director de una de las escuelas responsable de más del 60% de los casos positivos (12/20, quien también dio lecciones a diez de los estudiantes infectados. De los 29 familiares, ocho (27,6% fueron positivos, pertenecientes a tres familias. CONCLUSIONES: Los resultados muestran que la frecuencia de la enfermedad fue similar al comunicado en la población adolescente de otros países. Sin embargo, este trastorno no tiene necesariamente signos clínicos de la tos persistente y está sujeto a la existencia de infectados asintomáticos con Bordetella.OBJETIVO: Estimar a soroprevalência a Bordetella pertussis em escolares e seus contatos. MÉTODOS: Foram examinados 12.273 alunos entre 12 e 15 anos de idade, de 14 escolas secundárias públicas da Cidade do México, de setembro de 2002 a março de 2003. Amostras de exudado nasofaríngeo foram coletadas de adolescentes com tosse por mais de 14 dias. A infecção foi confirmada por reação em cadeia da polimerase. Todos os alunos e funcionários dos colégios dos casos confirmados por reação em cadeia da polimerase e seus familiares foram testados. RESULTADOS: A incidência de tosse

  6. Níveis séricos de homocisteína em crianças e adolescentes com comprometimento da saúde óssea

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Petra Rehackova

    2013-12-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: Foi documentada uma associação entre níveis séricos elevados de homocisteína (S-Hci e baixa densidade mineral óssea (DMO e aumento do risco de fratura em mulheres na pós-menopausa. São escassos os dados concernentes à S-Hci e à saúde óssea em crianças. OBJETIVO: Avaliar S-Hci em crianças e adolescentes com comprometimento da saúde óssea e procurar por relações com dados clínicos e laboratoriais. PACIENTES E MÉTODOS: Avaliamos os níveis de S-Hci em 37 crianças e adolescentes (22 meninos e 15 meninas; média de idade, 13,9 ± 3,5 anos com fraturas prevalentes por trauma de baixa energia (média 3,3 ± 2,3 por paciente e/ou baixa DMO espinhal/L1-L4 (escore Z abaixo de -2 DP; DXA Lunar GE. Também avaliamos S-ALP, CrossLaps sérico (S-Hci-CrossLaps, osteocalcina (S-OC, altura, peso corporal, índice de massa corporal (IMC e níveis séricos de folato e vitamina B12. Por ocasião da avaliação, as crianças não estavam tomando qualquer medicação que sabidamente influenciasse o metabolismo ósseo. Os parâmetros dependentes de idade foram expressos como escores Z ± DP. RESULTADOS: O escore Z para S-Hci foi significativamente mais alto (1,3 ± 1,5; P < 0,0001 e o escore Z de para DMO/L1-L4 foi significativamente mais baixo (-1,7 ± 1,3; P < 0,0001, respectivamente, em comparação com os valores de referência. S-ALP não diferiu dos valores de referência (P = 0,88, enquanto S-CrossLaps e S-osteocalcina foram mais elevados (1,2 ± 1,8 e 0,4 ± 0,5; P = 0,0001 e P = 0,001, respectivamente. S-Hci estava inversamente correlacionada com DMO/L1-L4 (r = -0,33; P = 0,05 e S-ALP (r = -0,36; P = 0,04 não tendo relação com o número de fraturas prevalentes (r = 0,01, S-osteocalcina (r = -0,22 ou S-CrossLaps (r = 0,003. CONCLUSÃO: Esses resultados sugerem aumento na remodelação óssea e uma influência negativa da S-Hci elevada na formação óssea e na DMO em crianças e adolescentes com fraturas recorrentes.

  7. Comorbidade em crianças e adolescentes com transtorno do déficit de atenção: resultados preliminares

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Souza Isabella

    2001-01-01

    Full Text Available Trinta e quatro crianças e adolescentes com idades entre 6 e 16 anos, com diagnóstico de transtorno do déficit de atenção com hiperatividade (TDAH segundo a DSM-IV, foram examinadas e avaliadas quanto a comorbidade com outros transtornos psiquiátricos através do questionário padronizado P-CHIPS aplicado aos pais. Observou-se expressiva ocorrência de transtornos comórbidos (85,7%, sendo o transtorno opositivo-desafiador (20,6% e o transtorno de conduta (39,2% os mais comuns. Pelo menos dois outros diagnósticos que não o de TDAH puderam ser observados em 57% da amostra. A depressão maior pode ser diagnosticada em quatro casos e quadros ansiosos (transtorno de ansiedade generalizada, ansiedade de separação e fobias foram observados em 34,3% da amostra. A presença de comorbidade altera de modo significativo o prognóstico da enfermidade e pode sugerir estratégias terapêuticas específicas dependendo de cada caso. A comorbidade frequente também pode sugerir a necessidade do uso de entrevistas diagnósticas que contemplam outros transtornos psiquiátricos.

  8. Comparação temporal das prevalências de asma e rinite em adolescentes em Fortaleza, Brasil Prevalences of asthma and rhinitis among adolescents in the city of Fortaleza, Brazil: temporal changes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria de Fátima Gomes de Luna

    2013-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Descrever as prevalências de asma e rinite em adolescentes de 13-14 anos de idade em Fortaleza (CE em 2010 e compará-las com as prevalências obtidas em um inquérito em 2006-2007. MÉTODOS: Estudo transversal envolvendo uma amostragem probabilística de 3.015 e 3.020 adolescentes, respectivamente, em 2006-2007 e 2010, utilizando o protocolo do International Study of Asthma and Allergies in Childhood. RESULTADOS: Na comparação entre os dois períodos, não houve diferenças significativas em relação a sibilos cumulativos, asma ativa, quatro ou mais crises de sibilos no último ano, prejuízo do sono por sibilos > 1 noite/semana e crises limitando a fala. Em 2010, houve um aumento significativo na prevalência de sibilos após exercícios, tosse seca noturna e asma diagnosticada (p OBJECTIVE: To describe the prevalences of asthma and rhinitis in adolescents (13-14 years of age in the city of Fortaleza, Brazil, in 2010, comparing the results with those obtained in a prevalence survey conducted in 2006-2007. METHODS: This was a cross-sectional study involving probabilistic samples of 3,015 and 3,020 adolescents in surveys conducted in 2006-2007 and 2010, respectively. The International Study of Asthma and Allergies in Childhood protocol was used on both occasions. RESULTS: Comparing the two periods, there were no significant differences regarding cumulative wheezing, active asthma, four or more wheezing attacks within the last year, sleep disturbed by wheezing more than one night per week, and speech-limiting wheezing. The prevalences of exercise-induced wheezing, dry cough at night, and physician-diagnosed asthma were significantly higher in 2010 than in the 20062007 period (p < 0.01 for all. The prevalence of physician-diagnosed rhinitis was significantly lower in 2010 (p = 0.01, whereas there were no significant differences between the two periods regarding cumulative rhinitis, current rhinitis, and rhinoconjunctivitis. In both

  9. Prevalência de fatores de risco cardiovascular em crianças e adolescentes da rede de ensino da cidade de Maceió

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Silva Maria Alayde Mendonça da

    2005-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Estabelecer a prevalência de hipertensão arterial sistêmica (HAS, do "risco de sobrepeso", sobrepeso, sedentarismo e tabagismo em crianças e adolescentes, de 7 a 17 anos, de ambos os sexos, da rede pública e privada de ensino de Maceió, AL. MÉTODOS: Estudo epidemiológico transversal. Amostragem por conglomerados em escolas de nível fundamental e médio. Cálculo da amostra baseado na menor prevalência esperada das variáveis estudadas. Protocolo de avaliação: questionário estruturado, antropometria e medidas da pressão arterial. Análise de associação das variáveis realizada pelo método do qui-quadrado. RESULTADOS: Em 2001 foram avaliados 1253 estudantes (547 do sexo masculino, média de idade 12,4±2,9 anos, demonstrando-se que 1172 não praticavam atividade física de moderada a intensa; "risco de sobrepeso" e sobrepeso presentes em 116 e 56 indivíduos, respectivamente; pressão arterial no percentil > de 95 identificada em 97 estudantes e apenas 30 admitiram fumar regularmente. Observou-se associação significante do "risco sobrepeso" e do sobrepeso com estudantes de escolas particulares (*p=0,0001 e do sedentarismo com o sexo feminino (*p=0,0001. CONCLUSÃO: A prevalência de sedentarismo, "risco de sobrepeso", sobrepeso, hipertensão arterial sistêmica e tabagismo na população estudada foi de 93,5%; 9,3%; 4,5%; 7,7% e 2,4%, respectivamente.

  10. Educação sexual em uma escola: da reprodução à prevenção Case study on sexual education: from reproduction to prevention

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Helena Altmann

    2009-04-01

    Full Text Available Este artigo é baseado em dados de pesquisa etnográfica desenvolvida entre agosto de 2002 e julho de 2003 em uma escola municipal da cidade do Rio de Janeiro, onde foram feitas observações e entrevistas. A educação sexual era realizada na disciplina de Ciências e dentro do Núcleo de Adolescentes Multiplicadores. Contraditoriamente, ao desenvolver a educação sexual a partir do tema reprodução, esta acabava sendo enfatizada, quando é justamente a ocorrência dela entre adolescentes que diversas políticas públicas querem evitar. Além do processo reprodutivo em si e dos modos de preveni-lo, a escola ensinava sobre a precocidade da gravidez na adolescência, apresentando ideais de maternidade e paternidade. As intervenções escolares buscavam desenvolver nos(as adolescentes um sentido de "responsabilidade" em torno das relações sexuais, buscando mudar ou adequar os dispositivos que estruturam os comportamentos preventivos. No entanto, as informações sobre métodos anticoncepcionais, não raro, estavam ligadas ao mundo adulto, permanecendo distante dos adolescentes e sugerindo não reconhecimento da sexualidade adolescente.This article is based on data on sexual education from an ethnographic research carried between August 2002 and July 2003 in a public school in the city of Rio de Janeiro. Sex education was offered in Science courses provided by the Center of Adolescent Educators. The focus on reproduction matters contradictorily entice students to the subject of pregnancy which public policies wished to avoid. The course aimed at instigate a sense of responsibility about sexual relations. However information on contraceptive methods was usually related to adult s matters and remained distant from youth's anxieties thus not acknowledging adolescent sexuality.

  11. Leptinemia de jejum em crianças e adolescentes eutróficos Fasting leptinemia in eutrophic children and adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Alberto Nogueira de Almeida

    2009-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Determinar, em um grupo de crianças e adolescentes eutróficos, os valores de leptinemia de jejum e sua correlação com idade e Índice de Massa Corporal (IMC. MÉTODOS: Estudo de corte transversal realizado em duas escolas públicas de Ribeirão Preto, Brasil. Foram obtidos medidas antropométricas e amostra de sangue venoso em jejum para dosagem da leptinemia de 448 crianças e adolescentes eutróficos, maturadores médios, de ambos os sexos, com idades entre 7 e 17,9 anos. Utilizando-se o teste de Mann-Whitney foram realizadas comparações entre as concentrações obtidas para meninos e meninas em cada faixa etária. Posteriormente, utilizandose o teste de Kruskal-Wallis, foram comparados os valores em cada faixa etária e, por meio do teste de correlação de Spearman, foi avaliada a correlação entre a leptinemia de jejum e a idade e entre leptinemia de jejum e o escore z do IMC. RESULTADOS: O valores de leptinemia de jejum diferiram entre meninos e meninas em todas as faixas etárias sendo sempre mais elevados para as meninas. Entre os meninos, os valores de leptinemia não apresentam variação estatisticamente significativa; entre as meninas, observou-se variabilidade, com aumento progressivo de acordo com a faixa etária. O estudo de correlação, mostrou que a leptinemia apresenta correlação positiva com o escore z do índice de massa corporal em ambos os sexos. Em relação à idade, observou-se correlação apenas entre as meninas. CONCLUSÃO: Os dados apontam para a necessidade do estabelecimento de curvas de referência para a leptinemia de jejum que levem em conta o sexo, a idade e o IMC.OBJECTIVE: To determine, in a group of eutrophic children and adolescents, the values of fasting leptinemia and its correlation with age and body mass index. METHODS: A cross-sectional study conducted in two public schoolsin Ribeirao Preto, Brazil. Anthropometric measurements and venous blood samples were obtained for determination

  12. Sedentarismo e variáveis clínico-metabólicas associadas à obesidade em adolescentes Inactivity and clinical and metabolic variables associated with adolescent obesity

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Priscila Trapp Abbes

    2011-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Estudar a associação da obesidade com variáveis metabólicas, variáveis clínicas e sedentarismo, em adolescentes pós-púberes de escolas públicas de São Paulo. MÉTODOS: Estudo caso-controle com 128 adolescentes obesos (índice de massa corporal > percentil 95 e 151 adolescentes eutróficos (índice de massa corporal entre percentis 5 e 85. Foram realizados exame físico, avaliação bioquímica e de composição corporal. Foi aplicado questionário previamente testado, que gerou um escore de sedentarismo. Na análise estatística, foi realizada a análise de variância com testes de comparações múltiplas de Bonferroni e qui-quadrado (Pearson. O modelo logístico múltiplo foi utilizado para verificar as associações entre variáveis clínicas, variáveis metabólicas, escore de sedentarismo e estado nutricional. RESULTADOS Por meio da análise de variância, foi identificado um gradiente nos valores médios das variáveis metabólicas e clínicas com piora dessas variáveis em paralelo ao aumento do grau de sedentarismo, o que foi confirmado pelo teste qui-quadrado. Na análise bivariada de riscos para obesidade, os adolescentes obesos apresentaram maiores frequências de sedentarismo, de alterações nos níveis de lipoproteína de alta densidade e triglicérides, de hiperinsulinemia e homeostasis model assessment for insulin resistence alterado, e de pressão arterial alterada (pOBJECTIVE: This study investigated the association of obesity with metabolic and clinical variables and inactivity in post-pubertal adolescents attending public schools in São Paulo City. METHODS: This was a case-control study with 128 obese adolescents (body mass indices >the 95th percentile, and 151 normal weight adolescents (body mass indices between the 5th and 85th percentiles. Physical examination and biochemical and body composition assessments were done. A pretested questionnaire was administered, generating an inactivity score. Analysis

  13. História gestacional e características da assistência pré-natal de puérperas adolescentes e adultas em uma maternidade do interior de Minas Gerais, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciana Angélica Vieira Santos

    Full Text Available Resumo O objetivo desta pesquisa foi analisar a história gestacional e as características da assistência pré-natal de puérperas adolescentes e adultas em uma maternidade localizada em uma cidade de Minas Gerais, referência para a macrorregião de saúde do Jequitinhonha. Trata-se de um estudo transversal descritivo. Entrevistou-se 327 puérperas, entre maio de 2013 a março de 2014, utilizando um instrumento semiestruturado. Predominou o número de puérperas adultas com uma amostra de 255. Com relação ao pré-natal, 324 puérperas realizaram as consultas. Quanto ao local de realização do pré-natal, 79,2% das adolescentes, realizaram no serviço público de saúde, enquanto entre as adultas essa porcentagem foi de 60,4%. Quanto ao tipo de parto, 54,7% das puérperas o tiveram normal e 45% cesárea. Entre as adolescentes, houve uma maior porcentagem de parto normal comparado às adultas, e esse dado teve relação estatisticamente significativa com a idade da puérpera. Com relação à idade gestacional no momento do parto, 85,9% tiveram seus partos a termo; 13,5% pré-termo e 0,6% pós-termo. Evidenciou-se que as puérperas adolescentes estiveram em desvantagem em relação às demais mães no que diz respeito tanto às características socioeconômicas quanto na assistência recebida no pré-natal.

  14. A comunicação em famílias com filhos adolescentes The communication in the families with adolescents child

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriana Wagner

    2002-06-01

    Full Text Available A adolescência é considerada um período no qual ocorre um incremento nos confrontos entre pais e filhos. Objetivou-se, então, conhecer como os adolescentes avaliam a comunicação que estabelecem na família. Foram investigados 295 jovens com idades entre 11 e 16 anos. Aplicou-se um questionário que avaliava a comunicação do adolescente com os membros da sua família. Os resultados apontam que a mãe é a pessoa mais procurada para conversar (49,8%, seguida pelo irmão mais velho (17,6% e depois pelo pai (12,2% e pelo irmão mais novo (2,4%. Os dados refletem uma estrutura familiar na qual a mãe aparece como a principal responsável pelo cuidado e mediação das relações familiares, enquanto o pai ocupa um lugar mais periférico. Os adolescentes também informaram ter um bom nível de comunicação em casa, sendo que 96% consideram a comunicação familiar como algo muito importante.Adolescence is regarded as a period in which difficulties in family communication and an increase in confrontations between parents and children take place. We set out to understand how adolescents evaluate the frequency and quality of the communication they establish with their parents and siblings. 295 youngsters were investigated, 141 males and 154 females, ages ranging between 11 and 16 years old. A questionnaire was administered, with simple choice closed questions which aimed to evaluate the communication of the adolescent with differents members of the family. Results point at the mother as the most sought out person for conversation (49,8%, followed by the eldest sibling (17,6% and then the father (12,2% and the youngest sibling (2,4%. Data reflect a family structure in which the mother appears as the main responsible for care and mediation of the familiar relationships, whereas the father occupies a more peripheral place. The adolescents report a good level of communication at home and 96% of them evaluate family communication as very important.

  15. Sleep terrors antecedent is common in adolescents with migraine O antecedente de terror noturno é frequente em adolescentes com migrânea

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Libânia Melo Nunes Fialho

    2013-02-01

    Full Text Available Migraines and sleep terrors (STs are highly prevalent disorders with striking similarities. The aim of this study was to evaluate the effect of the antecedent of STs by comparing adolescents suffering from migraines with healthy controls in a large consecutive series. METHODS: All patients were subjected to a detailed headache questionnaire and were instructed to keep a headache diary during a two-month period. The age range was 10 to 19 years. The diagnosis of STs was defined according to the International Classification of Sleep Disorders. RESULTS: A total of 158 participants were evaluated. Of these participants, 50 suffered from episodic migraines (EMs, 57 had chronic migraines (CMs and 51 were control subjects (CG. Participants who had a history of STs had significantly more migraines than participants who did not. CONCLUSIONS: Migraine is strongly associated with a history of STs in the adolescent population independent of demographics and pain intensity.Migrânea e terror noturno (TN são transtornos de alta prevalência que compartilham muitas similaridades. O objetivo desse estudo foi avaliar a ocorrência do antecedente de TN, comparando adolescentes com migrânea e adolescentes saudáveis. Métodos: Todos os pacientes foram submetidos a um questionário detalhado sobre sua cefaleia e foram instruídos a preencher um diário durante um período de dois meses. A idade dos sujeitos variou entre 10 e 19 anos. O diagnóstico de TN foi definido de acordo com a Classificação Internacional dos Transtornos do Sono. Resultados: Foram avaliados 158 sujeitos. Desses indivíduos, 50 apresentavam migrânea episódica, 57 migrânea crônica e 51 eram controles. Participantes que tinham o antecedente de TN apresentavam significativamente mais crises de migrânea do que aqueles que não tinham. Conclusões: Migrânea esteve fortemente associada ao antecedente de TN na população de adolescentes independentemente de variáveis demográficas e

  16. Sleep terrors antecedent is common in adolescents with migraine O antecedente de terror noturno é frequente em adolescentes com migrânea

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Libânia Melo Nunes Fialho

    2013-01-01

    Full Text Available Migraines and sleep terrors (STs are highly prevalent disorders with striking similarities. The aim of this study was to evaluate the effect of the antecedent of STs by comparing adolescents suffering from migraines with healthy controls in a large consecutive series. METHODS: All patients were subjected to a detailed headache questionnaire and were instructed to keep a headache diary during a two-month period. The age range was 10 to 19 years. The diagnosis of STs was defined according to the International Classification of Sleep Disorders. RESULTS: A total of 158 participants were evaluated. Of these participants, 50 suffered from episodic migraines (EMs, 57 had chronic migraines (CMs and 51 were control subjects (CG. Participants who had a history of STs had significantly more migraines than participants who did not. CONCLUSIONS: Migraine is strongly associated with a history of STs in the adolescent population independent of demographics and pain intensity.Migrânea e terror noturno (TN são transtornos de alta prevalência que compartilham muitas similaridades. O objetivo desse estudo foi avaliar a ocorrência do antecedente de TN, comparando adolescentes com migrânea e adolescentes saudáveis. Métodos: Todos os pacientes foram submetidos a um questionário detalhado sobre sua cefaleia e foram instruídos a preencher um diário durante um período de dois meses. A idade dos sujeitos variou entre 10 e 19 anos. O diagnóstico de TN foi definido de acordo com a Classificação Internacional dos Transtornos do Sono. Resultados: Foram avaliados 158 sujeitos. Desses indivíduos, 50 apresentavam migrânea episódica, 57 migrânea crônica e 51 eram controles. Participantes que tinham o antecedente de TN apresentavam significativamente mais crises de migrânea do que aqueles que não tinham. Conclusões: Migrânea esteve fortemente associada ao antecedente de TN na população de adolescentes independentemente de variáveis demográficas e

  17. Coréia aguda na gravidez

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Walter C. Pereira

    1967-12-01

    Full Text Available São apresentados doze casos de coréia aguda observados entre 150.000 gestantes (1/12.500. A maioria dos surtos ocorreu no segundo trimestre da primeira gravidez. A duração média dos sintomas foi de três meses, não tendo sido registrado caso algum de óbito materno. Todos os partos foram espontâneos e normais. Houve apenas um óbito fetal conseqüente a choque hemorrágico. São tecidas considerações a propósito dos aspectos clínico, laboratorial e prognóstico da coréia gravídica, sendo focalizado mais pormenorizadamente o problema fisiopatogênico dessa afecção.

  18. Perfil de adolescentes e adultos portadores de cardiopatia congênita atendidos em ambulatório da especialidade no Conjunto Hospitalar de Sorocaba

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jéssica Vasques Rodrigues Almenara

    2014-10-01

    Full Text Available Introdução: Adolescentes e adultos portadores de cardiopatias congênitas têm hoje expectativa de vida crescente em todo o mundo, graças aos avanços da medicina no que diz respeito a novas técnicas cirúrgicas ou métodos para diagnóstico precoce; Objetivos: Caracterizar o perfil de adolescentes e adultos portadores de cardiopatias congênitas atendidos no ambulatório de Cardiologia Pediátrica do CHS, por período de 10 meses, e estimular criação de ambulatório para seu atendimento especializado; Metodologia: Preenchimento, pelo pesquisador, de uma Ficha Clínica elaborada de acordo com itens considerados essenciais para descrição do perfil dos pacientes, durante entrevistas realizadas nos atendimentos, mediante assinatura do Termo de Consentimento pelo sujeito de pesquisa, e posteriormente, através de consulta aos prontuários. Resultados: Através de estatística descritiva, foram caracterizados perfis de 76 pacientes, com idades de 12 a 57 anos, média de 17 e mediana de 15. As cardiopatias mais frequentes foram comunicação interventricular (22,4% e estenose aórtica (17,1%. Concomitantemente, 76,3% dos entrevistados não apresentavam sintomas. Os pacientes foram agrupados de acordo com a classificação funcional N.Y.H.A, tendo predominado os da classe I (80,3%, e também categorizados quanto ao quadro evolutivo. Conclusões: A criação ambulatórios especializados para atender essa população pode proporcionar melhor prognóstico e tratamento, controle dos sintomas e melhora na qualidade de vida.

  19. Motivos e prevalência de insatisfação com a imagem corporal em adolescentes Reasons and prevalence of body image dissatisfaction in adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edio Luiz Petroski

    2012-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Verificar os motivos e a prevalência de insatisfação com a imagem corporal (IC em adolescentes. Métodos: Participaram do estudo 641 adolescentes de 11 a 17 anos. A imagem corporal foi autoavaliada através da escala de nove silhuetas corporais. Resultados: A prevalência de insatisfação com a IC foi de 60,4% (masculino = 54,5%, feminino = 65,7%; p OBJECTIVE: To investigate the prevalence of body image (BI dissatisfaction in adolescents. The study enrolled 641 adolescents aged 11 to 17 from the town of Saudades, Santa Catarina, Brazil. The prevalence of BI dissatisfaction was 60.4% (males = 54.5%, females = 65.7%; p < 0.05. Boys were more likely to wish to increase the size of their body silhouette (26.4% while girls wished to reduce theirs (52.4%. Adolescents from urban areas manifested greater prevalence of BI dissatisfaction and were more likely to want to reduce their body silhouette. The reasons given by these adolescents for why they were dissatisfied with their body images were similar for both sexes (p = 0.156. When analyzed by neighborhood the urban adolescents said that their dissatisfaction was esthetic, whereas the rural adolescents said it was based on self-esteem. An association was detected between perceived BI and the reasons for dissatisfaction. Conclusions: Esthetics, self-esteem and health were the most common reasons for BI dissatisfaction among these adolescents. More than half of them were dissatisfied with their body silhouettes. Therefore, there is a need for interventions by health services and professionals in this age range in order to avoid possible future problems with eating disorders (anorexia, bulimia and vigorexia.

  20. Nível de atividade física em adolescentes do Município de Niterói, Rio de Janeiro, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Silva Rosane C. Rosendo da

    2000-01-01

    Full Text Available O presente estudo teve como objetivo investigar o nível de atividade física (AF de adolescentes de Niterói, Rio de Janeiro. Alunos (n = 325 da rede pública de ensino tiveram seus AF avaliados pelo questionário de Crocker et al. (1997, PAQ-C. Dados antropométricos (massa corporal, estatura e índice de massa corporal e horas que assistem à televisão (TV também foram coletados. As médias dos escores do PAQ-C foram 2,3 e 2,0 para meninos e meninas, respectivamente (p < 0,01. A média de TV foi de 4,4 e 4,9 horas/dia para os sexos masculino e feminino. As atividades físicas mais praticadas foram o futebol entre os meninos e a caminhada entre as meninas. Os adolescentes apresentaram maior nível de atividade nos finais de semana em comparação aos dias de semana. Os valores do PAQ-C classificaram 85% dos meninos e 94% das meninas como sedentários. Os resultados encontrados alertam para a alta prevalência de sedentarismo neste grupo, aumentando a probabilidade de adultos sedentários. No entanto, outros estudos devem ser desenvolvidos para determinação de AF durante toda a adolescência e dos fatores determinantes da atividade física regular.

  1. Nível de atividade física em adolescentes do Município de Niterói, Rio de Janeiro, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosane C. Rosendo da Silva

    Full Text Available O presente estudo teve como objetivo investigar o nível de atividade física (AF de adolescentes de Niterói, Rio de Janeiro. Alunos (n = 325 da rede pública de ensino tiveram seus AF avaliados pelo questionário de Crocker et al. (1997, PAQ-C. Dados antropométricos (massa corporal, estatura e índice de massa corporal e horas que assistem à televisão (TV também foram coletados. As médias dos escores do PAQ-C foram 2,3 e 2,0 para meninos e meninas, respectivamente (p < 0,01. A média de TV foi de 4,4 e 4,9 horas/dia para os sexos masculino e feminino. As atividades físicas mais praticadas foram o futebol entre os meninos e a caminhada entre as meninas. Os adolescentes apresentaram maior nível de atividade nos finais de semana em comparação aos dias de semana. Os valores do PAQ-C classificaram 85% dos meninos e 94% das meninas como sedentários. Os resultados encontrados alertam para a alta prevalência de sedentarismo neste grupo, aumentando a probabilidade de adultos sedentários. No entanto, outros estudos devem ser desenvolvidos para determinação de AF durante toda a adolescência e dos fatores determinantes da atividade física regular.

  2. Gravidez na adolescência: análise contextual de risco e proteção Gravidez en la adolescencia: análisis contextual del riesgo e protección Early pregnancy: a contextual analysis about risk and protection

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elder Cerqueira-Santos

    2010-03-01

    Full Text Available A gravidez precoce pode ser entendida como fator de risco ou proteção no adolescente. É crescente a necessidade de pesquisas que aprofundem os aspectos envolvidos nessa questão. Este estudo exploratório-descritivo teve como objetivo identificar as diferenças existentes entre um grupo de adolescentes que viveu a experiência de gravidez durante a adolescência. A amostra foi composta por 1015 jovens de nível socioeconômico baixo de Porto Alegre, com 14-24 anos, de ambos os sexos. Utilizou-se um questionário com 109 questões que abordam aspectos da vida juvenil: drogas, sexualidade, religiosidade, escola. Observou-se maior número de participantes do sexo feminino 52.3% contra 47.7% do sexo masculino. 53.5% dos jovens já iniciou a vida sexual, dentre estes, 64.6% eram homens. A idade média para a primeira relação foi significativamente menor para eles (M=13.64 anos; dp=1.7 do que para elas (M=14.79 anos; dp=1.4. Os resultados revelam um percentual esperado para gravidez e aborto em jovens de nível socioeconômico baixo, quando comparado a outros estudos. Sobressai a baixa idade para a primeira relação sexual e o fato de que cerca de ¼ da amostra apresentar uso irregular de métodos contraceptivos. Discute-se sobre uso de métodos anticoncepcionais e aborto, associadas à saúde do adolescente.El embarazo precoz puede ser entendida como un factor de riesgo o protección para el adolescente. La necesidad de investigaciones que profundicen los aspectos involucrados en esta cuestión es creciente. Hecho en Porto Alegre, capital de la provincia de Rio Grande do Sul, ubicada al sur de Brasil, este es un estudio exploratorio descriptivo, con una muestra de 1015 jóvenes de ambos sexos con edad entre 14 y 24 años y de bajo nivel socio económico. La investigación se valió de una encuesta con 109 cuestiones que abordan aspectos de la vida juvenil: drogas, sexualidad, religiosidad, escuela. El porcentaje de los encuestados

  3. Estado nutricional de nutrizes adolescentes em diferentes semanas pós-parto Nutritional status of lactanting adolescents in different postpartum weeks

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vilma Blondet de Azeredo

    2011-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: avaliar as modificações do estado nutricional de nutrizes adolescentes em diferentes momentos no pós-parto. MÉTODO: estudo do tipo analítico observacional longitudinal, com acompanhamento de 50 nutrizes adolescentes da 5ª a 15ª semana pós-parto (SPP. O estado nutricional foi avaliado na 5ª, 10ª e 15ª SPP, com uso do Índice de Massa Corporal (IMC/idade. Foi utilizado o método colorimétrico para avaliação da hemoglobina e microcentrifugação para o hematócrito. Usou-se ANOVA com medidas de repetição e Tukey como pós-teste, para comparação das médias. Trabalhou-se com nível de significância de 5%. RESULTADOS: observou-se modificação no estado nutricional do período pré-gestacional para a 15ª SPP, com diminuição na frequência de voluntárias com baixo peso (de 21% para 9% e aumento nos casos de sobrepeso (de 21% para 27% e eutrofia (58% para 64%. Apesar de, em média, as concentrações de hemoglobina (12,3±1,7g/dL e hematócrito (39,0±4,0% apresentarem-se adequados, observou-se grande frequência de anemia (30% durante todo o período estudado. CONCLUSÃO: os resultados mostram incremento no peso corporal em função do tempo de lactação, aumentando o problema da obesidade na adolescência. Também foi apontado que a anemia é um problema nutricional, não apenas durante a gestação, mas também na lactação em adolescentes. Portanto, deve-se prevenir e tratar possíveis deficiências nutricionais subclínicas existentes neste momento biológico.PURPOSE: to evaluate changes in the nutritional status of lactating adolescents in different postpartum weeks. METHOD: this is an analytical, observational, longitudinal study. Lactating adolescents were followed-up from the 5th to the 15th postpartum week (PPW. The nutritional status was evaluated in the 5th, 10th and 15th PPW by the Body Mass Index (BMI/age. A colorimetric method was used to determine hemoglobin level and microcentrifugation to define

  4. Insatisfação corporal e atividade física em adolescentes da região continental de Florianópolis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernando Adami

    Full Text Available A relação entre atividade física e insatisfação corporal é pouco explorada na literatura. Foi examinada a insatisfação corporal em relação com o nível de atividade física em estudantes adolescentes de escolas públicas de Florianópolis. A amostra foi de 242 estudantes, 109 meninos (14,6±2,8 anos e 133 meninas (14,3±3 anos. Os instrumentos utilizados foram: questionário de atividades físicas habituais e escala de percepção de silhueta corporal. Quarenta e três por cento dos meninos e 29,4% das meninas são pouco ativos. Sessenta e nove por cento dos meninos e 76,7% das meninas estão insatisfeitos com sua silhueta corporal. Os meninos demonstram uma tendência em aumentar e diminuir sua silhueta, enquanto as meninas demonstram querer diminuir. Não foi encontrada relação entre satisfação com a silhueta corporal e nível de atividade física habitual. Investigar a relação entre atividade física e insatisfação corporal pode auxiliar em pesquisas futuras que verifiquem intervenções terapêuticas com atividade física no tratamento da insatisfação corporal.

  5. Caracterização do abuso sexual em crianças e adolescentes notificado em um Programa Sentinela Caracterización del abuso sexual en niños y adolescentes notificado en un Programa Centinela Characterization of sexual abuse in children and adolescents notified in a Sentinel Program

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosilene Santos Baptista

    2008-01-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Caracterizar abuso sexual em crianças e adolescentes registrados pelo Programa Sentinela em Campina Grande-PB; analisar incidência de abuso sexual; traçar perfil das crianças e adolescentes atendidas nesse programa; identificar principais abusadores e incidência desse abuso no ambiente intra e extrafamiliar. MÉTODOS: Estudo descritivo-exploratório. Coletaram-se dados nos prontuários de 60 crianças e adolescentes. Os dados foram tratados estatisticamente. RESULTADOS: Aconteceram 23 notificações em 2005, e 37em 2006. Identificou-se 51 notificações relacionadas com meninas e nove com meninos em condições sócio-econômicas desfavoráveis. Faixa etária prevalente: três a cinco e 12 a 14 anos. Principais abusadores: padrastos, pais, cunhados; namorados e desconhecidos. Aconteceram 27 casos no ambiente intrafamiliar e 33 no extrafamiliar. O Conselho Tutelar intermediou a maioria dos registros. CONCLUSÃO: Cresce incidência de abuso sexual de crianças e adolescentes, tanto no ambiente intrafamiliar como no extrafamiliar. Sugere-se educação continuada para apoiar familiares e vítimas de abuso sexual.OBJETIVOS: Caracterizar el abuso sexual en niños y adolescentes registrados en el Programa Centinela en Campina Grande-PB; analizar la incidencia del abuso sexual; trazar el perfil de las niñas y adolescentes atendidas en ese programa; identificar principales abusadores e incidencia de ese abuso en el ambiente intra y extra familiar. MÉTODOS: Se trata de un estudio descriptivo-exploratorio. Los datos fueron recolectados de las historias clínicas de 60 niñas y adolescentes. Los datos fueron tratados estadísticamente. RESULTADOS: Acontecieron 23 notificaciones en el 2005, y 37 en el 2006. Se identificó 51 notificaciones relacionadas con niñas y nueve con niños en condiciones socio-económicas desfavorables. La faja etárea que prevaleció fue de tres a cinco y doce a catorce años. Los principales abusadores: los

  6. Coping e gênero em adolescentes Estrategias de afrontamiento (coping y género en adolescentes Coping strategies and gender in young people

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sheila Gonçalves Câmara

    2007-04-01

    Full Text Available Este estudo avalia a associação entre bem-estar psicológico e estratégias de coping nos gêneros masculino e feminino, bem como o perfil diferencial destas entre os gêneros. A amostra foi composta de 389 jovens, estudantes do terceiro ano do ensino médio de escolas de diferentes regiões de Porto Alegre. Os resultados evidenciam que as meninas, ao assumirem uma postura ativa na resolução dos problemas, apresentam maior bem-estar psicológico. Já os meninos apresentam melhor bem-estar na medida em que buscam pertença e procuram amigos íntimos e ajuda profissional. A análise do perfil diferencial entre os gêneros em relação às estratégias de coping nos permite identificar uma função discriminante composta por 9 variáveis, que se distribuem diferencialmente de acordo com a utilização de estratégias referentes a papéis de gênero socialmente construídos.Este estudio evalúa la asociación entre bienestar psicológico y estrategias de afrontamiento (coping en los géneros masculino y femenino, así como el perfil diferencial de éstas entre los géneros. La muestra se compuso de 389 jóvenes, estudiantes de la enseñanza secundaria de la ciudad de Porto Alegre. Los resultados evidencian que las chicas, al asumir una postura activa en la resolución de los problemas, presentan mayor bienestar psicológico. Los chicos, a su vez, presentan mejor bienestar a la medida que buscan pertenencia y buscan amigos íntimos y ayuda profesional. El análisis del perfil diferencial entre los géneros, con relación a las estrategias de afrontamiento (coping permite identificar una función discriminante, compuesta por 9 variables que se distribuyen diferencialmente, según la utilización de estrategias referentes a roles de género socialmente construidos.The association between psychological well-being and coping strategies in males and females and the differential profile between the genders are evaluated. Sample comprised 389 final year

  7. Hipertensão arterial em adolescentes do Rio de Janeiro: prevalência e associação com atividade física e obesidade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Victor Gonçalves Corrêa-Neto

    2014-06-01

    Full Text Available O objetivo do estudo foi identificar a prevalência de hipertensão arterial sistêmica em adolescentes estudantes do 3º ano do ensino médio de escolas públicas estaduais dentro do município do rio de Janeiro com idade entre 17 e 19 anos, bem como investigar as associações de hipertensão arterial sistêmica com obesidade e níveis de atividade física. Dados de pressão arterial, índice de massa corporal e atividade física, foram coletados. A amostra foi composta por 854 indivíduos, a estatística descritiva foi aplicada na amostra, bem como um modelo de regressão de Poisson para determinar o impacto das variáveis na prevalência de hipertensão arterial sistêmica. A prevalência de hipertensão arterial sistêmica foi de 19,4%. Sexo masculino, sobrepeso e obesidade se associaram positiva e significativamente com hipertensão arterial sistêmica (p 0,05. A natureza dessas relações deveria ser interpretada a luz da reflexão e não de rotulações passivas embasadas em conceitos hegemônicos.

  8. Novos paradigmas e velhos discursos: analisando processos de adolescentes em conflito com a lei New paradigms and old discourses: analyzing proceedings of adolescents in conflict with the law

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alexsandra Tomazelli Sartório

    2010-09-01

    Full Text Available Este artigo evidencia análises contidas na dissertação cujo objetivo foi analisar os discursos dos operadores jurídico-sociais em processos judiciais de Varas da Infância e Juventude de duas cidades brasileiras. Os direitos das crianças e adolescentes, a questão social e a análise do discurso configuraram-se como referenciais teóricos e de análise. Resultados evidenciaram discursos de proteção e revelaram também a intenção de punição. A questão social foi ignorada pelos operadores a despeito dos contextos em que ocorreram as infrações.This article presents an analysis of the discourse of the legal and social operators in judicial proceedings of Childhood and Youth Courts of two Brazilian cities. Children and adolescents rights, the social issue and the analysis of the discourse were arranged as the theoretic and analytic references. The results show discourses related to protection as well as punitive purpose. The social issue was ignored by the operators in spite of the situations in which the infractions occurred.

  9. Equilíbrio corporal em crianças e adolescentes asmáticos e não asmáticos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marta Cristina Rodrigues da Silva

    2013-06-01

    Full Text Available O objetivo foi analisar e comparar o equilíbrio corporal em crianças e adolescentes asmáticos e não asmáticos. Fizeram parte do grupo de estudos 24 sujeitos com idades de 7 a 14 anos divididos em dois grupos: grupo asmático e grupo controle. Para avaliação do equilíbrio corporal utilizou-se uma plataforma de força. Foram utilizadas as condições, olhos abertos e fechados com três tentativas aleatórias, com duração de 30 segundos cada uma. Os resultados apontaram diferença significativa entre os grupos, no teste de equilíbrio com olhos abertos apresentando maior amplitude de deslocamento na direção ântero-posterior (COPap (p = 0,04, e médio lateral (COPml (p = 0,02 no grupo asmático. Enquanto que no teste com olhos fechados a diferença foi significante apenas na amplitude de deslocamento ântero-posterior (COPap (p = 0,02 e Área de Elipse (p=0,03. Desse modo, a asma com suas limitações e consequências parece influenciar negativamente no equilíbrio corporal de seus portadores quando comparados com crianças sem a patologia e da mesma faixa etária.

  10. Metodologia para prevenir exposição ao mercúrio em adolescentes de garimpos de ouro em Mariana, Minas Gerais, Brasil Methodology to prevent mercury exposure among adolescents from goldmine areas in Mariana, state of Minas Gerais, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Volney de M. Câmara

    1996-06-01

    Full Text Available O principal objetivo deste estudo foi promover a avaliação de uma metodologia educativa para identificar e refletir, criticamente, sobre os riscos à saúde de adolescentes causados pelo trabalho em garimpos de ouro. O projeto foi realizado com adolescentes que estudavam na Escola Estadual Cônego Braga do Distrito de Monsenhor Horta, Município de Mariana, Minas Gerais, Brasil. A avaliação dos resultados através de testes estatísticos revelou um significativo acréscimo de respostas corretas da primeira para a última fase sobre a definição de acidentes de trabalho e sua equiparação com as doenças do trabalho, os acidentes de trajeto e as agressões no local de trabalho.The main objective of this study was to promote the evaluation of an educational method to identify health risks among adolescents exposed to mercury by their work in gold mining production.The project was carried out with adolescents from a public school from the District of Monsenhor Horta, Municipality of Mariana, state of Minas Gerais. Statistical evaluation of the results revealed a significant increase in the amount of correct answers between the first and fifth stage concerning the definition of work accidents and its importance in relation to work-related diseases, accidents on route to and from the work place and violence at work site itself.

  11. Conhecimento, atitude e práticas na prevenção do câncer de colo uterino e hpv em adolescentes Conocimientos, actitudes y prácticas en la prevención de cáncer cervicouterino y el VPH en adolescentes Knowledge, attitude and practice in the prevention of cervical cancer and HPV in adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ferla Maria Simas Bastos Cirino

    2010-03-01

    Full Text Available O início sexual cada vez mais cedo propicia alta vulnerabilidade da adolescente a problemas da esfera sexual/reprodutiva, incluindo o câncer de colo uterino e a infecção pelo HPV. O presente estudo teve como objetivo identificar o conhecimento, atitude e prática na prevenção do câncer de colo uterino e infecção pelo HPV na população adolescente e avaliar as situações que as tornam vulneráveis. Trata-se de estudo transversal realizado em uma escola pública de São Paulo com 134 adolescentes entre 14 e 19 anos. Verificou-se idade de iniciação sexual aos 14,8 anos em média. Grande parte das adolescentes não apresentou conhecimento adequado sobre a prevenção desta neoplasia. A adesão ao Papanicolaou também se mostrou baixa. As estatísticas justificam a inserção da adolescente nos programas de detecção deste câncer. É preciso haver investimentos na educação sexual nas instituições de ensino e associar campanhas de Papanicolaou com atividades educativas, com enfoque adequado e linguagem apropriada.La iniciación sexual cada vez más temprana propicia un nivel alto de vulnerabilidad de los adolescentes a los problemas de la esfera sexual / reproductiva, incluyendo el cáncer del cuello del útero y la infección por VPH. Este estudio tuvo como objetivo identificar los conocimientos, actitudes y prácticas en la prevención de cáncer cervical y la infección por VPH en la población adolescente y evaluar las situaciones que los tornan vulnerables. Este es un estudio transversal realizado en una escuela pública en Sao Paulo con 134 adolescentes entre 14 y 19 años. El promedio de la edad de iniciación sexual fue de 14,8 años. La mayoría de los adolescentes no tienen conocimientos adecuados sobre la prevención de este tipo de cáncer. También presentó bajas tasas de la prueba del Papanicolaou . Las estadísticas justifican la inclusión de estas adolescentes en los programas para la detección de este cáncer. Es

  12. CARACTERÍSTICAS DA FEBRE REUMÁTICA EM CRIANÇAS E ADOLESCENTES: CONVIVENDO COM A DOENÇA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Icleia Parente Rodrigues

    2010-01-01

    Full Text Available Estudio descriptivo, cuyos objetivos fueron: caracterizar los aspectos sociodemográficos, clínicos y terapeuticos de niños y adolescentes con fiebre reumática y describir experiencias de sujetos que viven con la enfermedad. Desarrollado en un hospital del Sistema Único de Salud recomendable en la atención terciaria en Fortaleza-Ce. Amuestra compuesta de 20 sujetos internados con diagnósticos de fiebre reumática en 2004 y 2005. En la colecta se utilizaron datos de 20 registros médicos, además de entrevista semiestructurada, aplicada a los seis sujetos escojidos intencionalmente, incluyéndose los responsables. El análisis permitió percibir las diversas condiciones clínicas y sociales que predisponen niños y adolescentes a la falta de confuertos físicos y psicosiales por las restriciones a las condiciones de vida. Hay, por lo tanto, la necesidad de esfuerzos del equipo asistencial para la detección y tratamiento precoz para mejor pronóstico y cualidad de vida de aquellos afectados por esta enfermedad.

  13. MENSURAÇÃO DE FADIGA EM CRIANÇAS E ADOLESCENTES COM CÂNCER: REVISÃO INTEGRATIVA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Michelle Darezzo Rodrigues Nunes

    2014-01-01

    Full Text Available El estudio analizó la producción científica sobre medición de fatiga en niños y adolescentes con cáncer, con destaque en los instrumentos que fueron utilizados. Revisión integrativa, con búsqueda en las bases de datos PubMed, PsycINFO, Web of Science, CINAHL, LILACS, SciELO, IBECS y COCHRANE, sin restricción de período, utilizándose palabras-clave y descriptores, en varias combinaciones. La muestra incluyó 21 referencias. Los resultados compusieron dos categorías: Desarrollo y validación de instrumentos y Medición de la fatiga. La mayoría de los estudios fue desarrollada por enfermeros americanos, entre 2002 y 2011, utilizándose dos escalas. Los estudios evaluaron los auto-relatos de los niños y adolescentes y los relatos de los padres. También asociaron la fatiga con patrón de sueño, calidad de vida, depresión, sobrevida y uso de dexametasona. Se evidencia la importancia de estudios sobre esa temática, incluyendo la aplicación práctica de esos instrumentos. Se destaca el vacío en la producción de conocimiento en este tema en el contexto brasileño.

  14. Mortalidade de adolescentes em área urbana da região Sudeste do Brasil, 1984-1993

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lyra Sílvia M. Kawata

    1996-01-01

    Full Text Available Analisa-se a mortalidade de adolescentes no Município de Botucatu, Estado de São Paulo, Brasil, no período de 1984 a 1993, segundo dois subgrupos (10 a 14 e 15 a 19 anos, sexo, ocupação e causas de óbito. Os dados de óbitos foram obtidos no Setor de Estatística do Centro de Saúde-Escola. As estimativas populacionais foram calculadas com base nos censos demográficos. Observou-se variação dos coeficientes de mortalidade nos diferentes anos e maior mortalidade no grupo masculino de 15 a 19 anos, atingindo tanto estudantes como trabalhadores. Houve predomínio de causas externas de mortalidade, principalmente acidentes de trânsito e ferimento por arma de fogo, exigindo averigüação de seus determinantes e o desenvolvimento de programas de saúde destinados aos adolescentes, suas famílias e à sociedade, considerando-se que as causas de morte são evitáveis e preveníveis.

  15. Configuração familiar, género e coping em adolescentes: papel dos pares

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mónica Costa

    2012-12-01

    Full Text Available Relações interpessoais estabelecidas no contexto de institucionalização, nomeadamente com os pares, são fontes relevantes de suporte emocional e facilitador do processo adaptativo na fase de transição para a adultícia. O objectivo do presente estudo prende-se com a análise da qualidade da ligação de adolescentes aos pares e do seu efeito preditor nas estratégias de coping dos jovens. Pretende-se ainda testar o papel moderador da configuração familiar e do género na associação entre a ligação aos pares e as estratégias de coping. A amostra é composta por 311 adolescentes, 145 institucionalizados e 166 de famílias tradicionais, entre os 14 e os 18 anos, de ambos os géneros. A recolha de dados foi realizada através da Rosenberg Self-esteem Scale (Rosenberg, 1965, Inventory of Peer and Parental Attachment (Armsden & Greenberg, 1987 e o COPE Inventory (Carver, Weintraub & Scheider, 1989. Os resultados sugerem que a qualidade da ligação aos pares se mostra relevante na predição das estratégias de coping adaptativas (coping activo e uso de suporte social emocional.

  16. Corpos em rebelião e o sofrimento-resistência: adolescentes em conflito com a lei Bodies in rebellion and suffering-resistance: adolescents in conflict with the law

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Cristina G. Vicentin

    2011-01-01

    Full Text Available Neste texto apresentamos duas modalidades de sofrimento experimentadas por adolescentes autores de ato infracional no cumprimento de medida de internação, especialmente quando colocados numa espécie de zona intermediária entre a vida e a morte. Em uma, o sofrimento torna-se ato político numa espécie de rebelião de si. Trata-se de um sofrimento-resistência em que se passa do lugar de vítima ao de testemunha. Na outra, a patologização dos adolescentes fará da experiência de sofrimento e dos corpos em luta atos cada vez mais isolados, individuais e sem potência. Trabalhamos em seguida as duas experiências de sofrimento em sua dimensão ético-política, considerando a presença na realidade brasileira de um cruzamento extremo entre mecanismos de soberania (sociedade autoritária e de biopoder: fazer viver (os cidadãos e fazer morrer (os inimigos, um em nome do outro. Sugerimos, por fim, a necessidade de (repolitizar a violência exercida e padecida pelos jovens como forma de desnaturalizar a violência juvenil.In this text I present two modalities of suffering experienced by adolescents responsible for committing offenses while in detention, especially when caught in a kind of intermediary zone between life and death. In the first modality, suffering turns into a political act of self-rebellion, a suffering-resistance in which the subject passes from victim to witness. In the second modality, the pathologization of the adolescents turns their experience of suffering and rebelling bodies into increasingly isolated, individual and disempowered acts. Subsequently I focus on the ethical-political dimension of two experiences of suffering, highlighting the presence in contemporary Brazil of an extreme overlap between mechanisms of sovereignty (authoritarian society and biopower: making some live (the citizens and others die (the enemies, one in the name of the other. Finally I suggest the need to (repoliticize the violence committed and

  17. Comportamentos de risco para a saúde entre adolescentes em conflito com a lei Health risk behavior among young offenders

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cláudia Alves de Sena

    2008-10-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi investigar as condutas de saúde entre adolescentes em conflito com a lei, internos em instituição de atendimento sócio-educativo em município da região metropolitana do Recife, Pernambuco, Brasil. A amostra foi composta por 241 jovens do sexo masculino, de 12 a 18 anos de idade. Para a coleta de dados, utilizou-se uma versão reduzida do questionário de autopreenchimento utilizado pelo Centers for Disease Control and Prevention dos Estados Unidos, traduzido e adaptado para jovens brasileiros. Entre os jovens pesquisados, 79,7% afirmaram ter portado arma, assim como 52,7% estiveram envolvidos em briga com agressão física nos últimos 12 meses. Verificou-se que a maioria dos jovens pesquisados era usuário de tabaco (87,6% e álcool (64,7%. Grande parte dos jovens afirmou já ter experimentado algum produto inalante na vida (68,9% e ter feito uso de maconha (81,3%. A maioria dos jovens (95,4% já tinha tido relação sexual, em geral com mais de um parceiro. Os jovens em situação de conflito com a lei apresentaram vários comportamentos de risco à saúde em percentuais elevados.The objective of this study was to investigate health risk behavior among teenage offenders committed to a social-educational institution in a city in Greater Metropolitan Recife, Pernambuco State, Brazil. The sample included 241 males 12-18 years of age. Data were collected with a brief self-completed questionnaire used by the Centers for Disease Control and Prevention, translated and adapted for young Brazilians. 79.7% of subjects reported having carried a gun and 52.7% had been in fights involving physical aggression in the previous 12 months. Most of the young offenders smoked cigarettes (87.6% and consumed alcohol (64.7%. The majority reported having sniffed inhalants (68.9%, and 81.3% had smoked marijuana. The vast majority (95.4% reported being sexually initiated, most having had sex with more than one partner. Young offenders

  18. Prevalência e fatores de risco para tabagismo em adolescentes Prevalence and risk factors for smoking among adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maura C Malcon

    2003-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: O tabagismo é uma das principais causas de enfermidades evitáveis e incapacidades prematuras. Nesse sentido, realizou-se estudo com o objetivo de medir a prevalência e estudar fatores de risco associados ao tabagismo nos adolescentes. MÉTODOS: A partir de um delineamento transversal de base populacional, estudou-se uma amostra representativa de 1.187 adolescentes de 10 a 19 anos, da zona urbana de Pelotas, sul do Brasil. Todos os adolescentes da amostra, de cada domicílio, foram entrevistados por meio de questionário pré-codificado, individual e confidencial. Utilizou-se o teste de Kaplan-Meier para análise da curva de sobrevida. RESULTADOS: A prevalência de tabagismo na amostra foi de 12,1% (IC95% 10,3%-14%. As prevalências foram similares para os sexos femininos e masculinos. Os fatores de risco para tabagismo na análise multivariada, por regressão logística, foram: maior idade, odds ratio (OR de 28,7 (11,5-71,4, irmãos mais velhos fumantes, OR de 2,4 (1,5-3,8, três ou mais amigos fumantes, OR de 17,5 (8,8-34,8 e baixa escolaridade OR de 3,5 (1,5-8,0. CONCLUSÕES: A prevalência de tabagismo na adolescência mostrou-se alta, na cidade de Pelotas. Campanhas antitabágicas devem ser direcionadas à comunidade e à família tendo o adolescente como alvo. Medidas legais adotadas pelo governo são importantes para impedir o acesso dos adolescentes ao cigarro.OBJECTIVE: Tobacco smoking is one of the main causes of preventable disease and premature disability. Th estudy was aimed at measuring smoking prevalence and related risk factors among adolescents. METHODS: A population-based cross-sectional study was carried out in a representative sample of 1,187 adolescents aged 10 to 19 years living in the urban area of Pelotas, southern Brazil. All adolescents were interviewed separately using a confidential coded questionnaire. Kaplan-Meier test was performed for survival curve analysis. RESULTS: The overall smoking prevalence

  19. Sensibilidade e especificidade de critérios de classificação do índice de massa corporal em adolescentes Sensibilidad y especificidad de criterios de clasificación del índice de masa corporal en adolescentes Sensitivity and specificity of criteria for classifying body mass index in adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Cazuza de Farias Júnior

    2009-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Estimar a prevalência de excesso de peso em adolescentes conforme critérios de classificação do índice de massa corporal (IMC e respectivas sensibilidade e especificidade. MÉTODOS: Foram realizadas medidas de peso, estatura e dobras cutâneas, subescapular e triciptal, em 934 adolescentes (masculino= 462 e feminino= 472 de 14 a 18 anos de idade (média= 16,2; dp= 1,0 da cidade de Florianópolis (SC, em 2001. O percentual de gordura estimado a partir das dobras cutâneas (e"25% no masculino e e"30% no feminino foi utilizado como critério padrão-ouro para determinar a sensibilidade e especificidade dos critérios de classificação do IMC em adolescentes. RESULTADOS: A aplicação de diferentes pontos de corte de classificação do IMC, em geral, resultou em prevalências de excesso de peso similares (p>0,05. A sensibilidade dos critérios avaliados foi elevada nos adolescentes do sexo masculino (85,4% a 91,7% e baixa nas do sexo feminino (33,8% a 52,8%. A especificidade foi elevada em todos os critérios, para ambos os sexos (83,6% a 98,8%. CONCLUSÕES: As estimativas de prevalência de excesso de peso pelos critérios de classificação do IMC em adolescentes foram similares e apresentaram especificidade elevada para ambos os sexos, mas baixa sensibilidade nos adolescentes do sexo feminino.OBJETIVO: Estimar la prevalencia de exceso de peso en adolescentes conforme criterios de clasificación del índice de masa corporal (IMC y respectivas sensibilidad y especificidad. MÉTODOS: Fueron realizadas medidas de peso, estatura y pliegues cutáneos, subescapular y triciptal, en 934 adolescentes (masculino= 462 y femenino= 472 de 14 a 18 años de edad (promedio= 16,2; dp=1,0 de la ciudad de Florianópolis (Sur de Brasil, en 2001. El porcentaje de gordura estimado a partir de los pliegues cutáneos (?25% en el masculino y ?30% en el femenino fue utilizado como criterio estándar-oro para determinar la sensibilidad y especificidad de los

  20. Saúde sexual dos adolescentes : conhecimentos riscos e mitos

    OpenAIRE

    Antunes, Maria Inês Araújo

    2012-01-01

    Trabalho final de mestrado integrado na área científica de Medicina Geral e Familiar, apresentado á Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra Introdução: A saúde sexual é parte importante da saúde e desenvolvimento dos jovens, sendo os comportamentos sexuais e seus riscos um importante aspeto de saúde pública. O presente artigo visa avaliar as fontes de informação e mitos sobre sexualidade e o risco de infeção por ISTs e gravidez não planeada nos adolescentes. Materiais ...

  1. Depression during pregnancy: prevalence and risk factors among women attending a public health clinic in Rio de Janeiro, Brazil Depressão durante a gravidez: prevalência e fatores de risco em mulheres atendidas em uma unidade básica de saúde na cidade do Rio de Janeiro, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Priscila Krauss Pereira

    2009-12-01

    Full Text Available Depression is the most prevalent psychiatric disorder during pregnancy and is associated with psychosocial and clinical obstetric factors. Despite being an important public health issue, there are few studies about this issue in Brazil. A cross-sectional study was carried out, involving 331 pregnant women attending a public primary health service over a one-year period in Rio de Janeiro city, Brazil. Participants were interviewed about their socio-demographic status, obstetric/medical conditions, life events and violence during pregnancy. Depression was assessed using the Composite International Development Interview. The prevalence of depression during pregnancy was 14.2% (95%CI: 10.7-18.5 and associated factors included: previous history of depression and any psychiatric treatment, unplanned pregnancy, serious physical illness and casual jobs. These data emphasize the need for screening for depression and its risk factors during pregnancy in settings where care is available. Psychosocial interventions and social policies need to be devised for this population.A depressão é o transtorno mental de maior prevalência durante a gravidez e está associada a fatores psicossociais e clínicos/obstétricos. Apesar de ser uma importante questão de Saúde Pública, há poucos estudos sobre o tema no Brasil. Trata-se de um estudo seccional com 331 gestantes atendidas durante o período de um ano na cidade do Rio de Janeiro, Brasil. As participantes foram entrevistadas sobre características sócio-demográficas, condições médicas/obstétricas, eventos estressantes e violência durante a gravidez. A depressão foi avaliada através do Composite International Diagnostic Interview (CIDI. A prevalência da depressão na gravidez foi 14,2% (IC95%: 10,7-18,5, sendo os fatores associados: história anterior de depressão e de tratamento psiquiátrico, gravidez não-planejada, problema físico grave e trabalho informal. Os resultados reforçam a

  2. Conversando sobre sexo: a rede sociofamiliar como base de promoção da saúde sexual e reprodutiva de adolescentes Hablando sobre sexo: la red social y familiar como base de la promoción de la salud sexual y reproductiva de los adolescentes Talking about sex: the social and familial net as a base for sexual and reproducive health promotion among adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Luiza Vilela Borges

    2006-06-01

    Full Text Available Com o objetivo de identificar com quem adolescentes compartilhavam informações e diálogos sobre sexualidade, foram entrevistados, em 2002, 383 adolescentes de 15 a 19 anos de idade, matriculados em uma unidade de saúde da família da zona leste do município de São Paulo. Os amigos foram apontados como os indivíduos com quem os adolescentes mais freqüentemente conversavam sobre sexo. Apesar disso, os pares foram perdendo prioridade no tocante ao esclarecimento de dúvidas de acordo com a "complexidade" do assunto a ser abordado, sendo mais citados os professores e profissionais de saúde quando as dúvidas diziam respeito à prevenção de DST/aids. Os pais foram referidos por aproximadamente 20% dos adolescentes como fonte de esclarecimento de dúvidas, independentemente do assunto abordado. Assim, todos esses sujeitos, ao serem interlocutores no diálogo com adolescentes sobre sexo, gravidez e DST/aids necessitam ser agregados como partícipes das ações de promoção da saúde sexual e reprodutiva de adolescentes.Con objeto de conocer con quien los adolescentes compartían informaciones y diálogos sobre sexualidad fueron entrevistados en 2002, 383 adolescentes de 15 a 19 años de edad, matriculados en una unidad de salud de la familia del municipio de São Paulo (Brasil. Los amigos fueron referidos como las personas con quienes los adolescentes más frecuentemente conversaban sobre sexo. A pesar de eso, los pares fueron perdiendo prioridad para la aclaración de dudas de acuerdo con la "complejidad" del asunto a ser tratado, siendo más citados los profesores y profesionales de salud cuando las dudas tenían a ver con la prevención de ETS/SIDA. Los padres fueron mencionados por aproximadamente el 20% de los adolescentes como fuente de aclaración de dudas, independientemente del asunto tratado. Así, todos eses sujetos, al ser interlocutores en el diálogo con adolescentes sobre sexualidad, necesitan ser tenidos en cuenta como part

  3. Competência social e práticas educativas parentais em adolescentes com alto e baixo rendimento acadêmico Social competence and parental practices in adolescents with high and low academic achievement

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Graziela Sapienza

    2009-01-01

    Full Text Available Este trabalho investigou as relações entre competência social, práticas educativas parentais e rendimento acadêmico em adolescentes. Participaram deste estudo 66 adolescentes divididos em dois grupos: alto e baixo rendimento acadêmico. Os instrumentos utilizados foram o CBCL e o YSR (Achenbach, 1991 e o IEP (Gomide, 2006. Os resultados mostraram que adolescentes de alto rendimento acadêmico são percebidos pelos pais como socialmente competentes e são criados com mais práticas educativas parentais positivas. Esses dados indicam que o rendimento acadêmico também é influenciado pela competência social e pelo modo como os adolescentes são educados pelos pais. Esses aspectos devem ser considerados em intervenções que pretendem promover a melhoria do rendimento acadêmico e o desenvolvimento de comportamentos ajustados ao contexto escolar.This paper investigated the relations between social competence, parental practices and academic performance in adolescents. 66 adolescents took part in the study and they were divided in two groups: high and low academic performance. The tools used in this research were CBCL and YSR (Achenbach, 1991, and IEP (Gomide, 2006. The results showed that adolescents of high academic achievements are perceived by the parents as socially competent and are raised with more positive parental practices. The data indicated that academic performance is also influenced by the social competence and the way the adolescents are educated by the parents. Those aspects should be considered in interventions that aim at promoting the improvement of academic performance and development of a behavior adjusted to the school.

  4. Alterações periodontais associadas às doenças sistêmicas em crianças e adolescentes Periodontal problems associated with systemic diseases in children and adolescents

    OpenAIRE

    Thaís Ribeiral Vieira; Adriana de Castro A. Péret; Luciano Amédée Péret Filho

    2010-01-01

    OBJETIVO: O objetivo deste estuo foi revisar na literatura a inter-relação entre condições sistêmicas e a ocorrência de doenças periodontais em crianças e adolescentes, destacando-se as manifestações periodontais frequentemente encontradas. FONTES DE DADOS: Artigos indexados nas bases de dados Medline, Lilacs e Bibliografia Brasileira em Odontologia, nos últimos 20 anos, além de referências clássicas. As palavraschave utilizadas foram: "doença periodontal", "periodontite", "doenças sistêmicas...

  5. A atenção e o cuidado à gravidez na adolescência nos âmbitos familiar, político e na sociedade: uma revisão da literatura Assistance and care provided for teenage pregnancies in the family, in public policies and in the society: a literature review

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliane Pariz

    2012-09-01

    Full Text Available O presente trabalho pretendeu analisar a questão da gravidez na adolescência, observando o modo como família, política e sociedade têm cuidado dessas jovens. Para tanto, foi realizada uma revisão sistemática da literatura científica nacional com acesso livre nas principais bases de dados entre os anos de 1998 a 2008. Os resultados apontaram dificuldades de comunicação entre cada uma das três esferas estudadas e as adolescentes, fato que vem acarretando um déficit na orientação dos adolescentes que não têm encontrado, na família, na sociedade ou nas políticas públicas a clareza necessária para fazer escolhas mais conscientes e assertivas. Além disso, muitos estudos têm sugerido estratégias de enfrentamento em relação a engravidar durante a adolescência, mas esses achados não têm sido traduzidos em ações ou projetos. Percebe-se que, tanto a adolescência quanto a gravidez nessa etapa da vida, ainda ocupam um lugar confuso na família, política e sociedade e pode-se dizer que, no Brasil, também não está claro o papel de cada uma dessas esferas para atender e cuidar dessa população.The present article intends to analyze teenage pregnancies observing the ways in which families, policies and society have been taking care of these young women. To achieve this, a systematic review of the national scientific literature was carried out, and the main databases were accessed between the years of 1998 and 2008. The results showed that communication was difficult between each of the three studied spheres and the adolescents, a fact that has produced a deficit in the orientation of these young women, who have not been finding in their family, in society or in public policies, the clarity they need in order to make conscientious and assertive choices. Furthermore, many studies have suggested coping strategies to face difficulties related to teenage pregnancies, although few of the findings have been applied to real actions or

  6. Evolução em duas séries históricas do índice de massa corporal em adolescentes Evolution of body mass index in two historical series of adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Isa de Pádua Cintra

    2007-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Verificar a evolução do índice de massa corporal (IMC entre dois estudos realizados com essa população. MÉTODOS: Os dados do IMC de 8.020 adolescentes de 10 a 15 anos de São Paulo, que participaram da pesquisa "Perfil nutricional de adolescentes de escolas públicas e particulares de São Paulo", no ano de 2005, foram comparados com os valores obtidos por meio da Pesquisa Nacional sobre Saúde e Nutrição (PNSN de 1989. Foi utilizado o teste binomial para comparação de proporções, após a transformação dos dados através dos percentis. RESULTADOS: Entre as duas pesquisas, foi verificado um incremento significativo nos valores do IMC, referentes aos percentis 85 e 95, para os adolescentes de 10 a 15 anos do sexo masculino e para os de 10 a 14 anos do sexo feminino. A análise comparativa da diferença entre os percentis P5 e P95 de IMC nas amostras de São Paulo e da PNSN indica que, em São Paulo, há um provável aumento de adolescentes nas faixas superiores de IMC em relação ao estudo da PNSN. CONCLUSÃO: Estes resultados demonstram uma tendência a maiores valores médios do IMC encontrados entre os adolescentes durante estes dois períodos de estudo, demonstrando a necessidade de maior monitorização dessa medida como forma de prevenir o excesso de peso nessa população.OBJECTIVE: To verify the evolution of body mass index (BMI between two studies of adolescent populations. METHODS: Data on the BMI of 8,020 adolescents aged 10 to 15 years living in the city of São Paulo, Brazil, and enrolled on the 2005 study entitled "The nutritional profile of adolescents at public and private schools in São Paulo" were compared with data from the 1989 National Nutrition and Health Census (PNSN - Pesquisa Nacional sobre Saúde e Nutrição. Binomial testing was used to compare proportions once both data sets had been transformed into percentiles. RESULTS: Comparing the two surveys, significant increases were identified in 85th

  7. Teenage pregnancy: use of drugs in the third trimester and prevalence of psychiatric disorders Gravidez na adolescência: uso de drogas no terceiro trimestre e prevalência de transtornos psiquiátricos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sandro Sendin Mitsuhiro

    2006-06-01

    Full Text Available OBJECTIVE: To determine the prevalence of psychiatric disorders during pregnancy, the prevalence of cocaine and marijuana use during the third trimester of gestation and the socio-demographic characteristics of a population of low-income teenagers. METHOD: One thousand pregnant teenagers were evaluated using the Composite International Diagnostic Interview, and a socio-demographic and socio-economic questionnaire at the obstetric center of a public hospital in São Paulo, Brazil. Hair sample was collected for analysis. RESULTS: Of the 1000 pregnant teenagers interviewed, 53.6% were poor, 90.4% were unemployed, 92.5% were financially dependant and 60.2% dropped out of school. Those using drugs during the third trimester of pregnancy were equal to 6% (marijuana: 4%, cocaine: 1.7%, both: 0.3%. Those having at least one psychiatric disorder equaled 27.6%. The most frequent diagnoses were depression (12.9%, posttraumatic stress disorder (10.0% and anxiety disorders (5.6%. DISCUSSION: Unstructured families, dropping out of school, unemployment and a low level of professional training are all contributing factors to the maintenance of an unfavorable socio-economic environment in which there is a high prevalence of cocaine and marijuana use during the third trimester of pregnancy and an abnormally high incidence of psychiatric disorders.OBJETIVO: Determinar, em adolescentes de baixa renda, a prevalência de transtornos psiquiátricos durante a gravidez, a prevalência de uso de cocaína e maconha no terceiro trimestre de gestação e descrever suas características sociodemográficas. MÉTODO: Mil adolescentes grávidas foram avaliadas por meio do Composite International Diagnostic Interview e de um questionário sociodemográfico e socioeconômico no centro obstétrico de um hospital público de São Paulo. Dessas, foi colhida amostra para análise de fios de cabelo. RESULTADOS: Das mil pacientes entrevistadas, 53,6% têm baixa renda, 60,2% abandonaram

  8. Morbidade psiquiátrica entre adolescentes em conflito com a lei Psychiatric morbidity among adolescents in conflict with the law

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Solange Rubim de Pinho

    2006-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Descrever o perfil psiquiátrico, destacando os transtornos em co-morbidade entre os adolescentes em conflito com a lei da Casa de Acolhimento ao Menor (CAM, Salvador-BA, em 2003. MÉTODOS: Estudo de corte transversal, de caráter censitário, em população de 290 jovens cumprindo medidas de privação de liberdade. Utilizaram-se questionário para identificar dados demográficos, sinais e sintomas psicopatológicos e entrevista semi-estruturada para o exame dos adolescentes. RESULTADOS: Perfil sociodemográfico: 89,3% sexo masculino; 63,9% entre 15 e 18 anos incompletos; 95,1% com ensino fundamental incompleto ou analfabeto; 67,6% com renda familiar menor que um salário mínimo e 54% naturais da capital do estado da Bahia. Dos 290 indivíduos, 24,8% não apresentaram transtornos mentais e 75,2% preencheram critérios para um ou mais transtornos psiquiátricos de acordo com a décima revisão da Classificação Internacional de Doenças (CID-10. Entre os 218 jovens portadores de patologia, 47,7% apresentaram transtornos em co-morbidade.Aassociação de patologia mais prevalente foi entre transtornos de conduta e transtornos por uso nocivo de substância psicoativa (13,4%. Transtornos hipercinéticos só foram freqüentes quando associados a outras condições (10,7%. O uso nocivo de substância psicoativa foi identificado em combinação com os diversos quadros psiquiátricos. CONCLUSÃO: Observou-se alta taxa de co-morbidade psiquiátrica, sugerindo a necessidade de estratégias terapêuticas específicas entre jovens portadores de transtornos mentais envolvidos com a justiça.OBJECTIVE: To describe the psychiatric profile, with emphasis on psychiatric comorbidities, of adolescents in conflict with the law interned on Casa de Acolhimento ao Menor (CAM, Salvador, Bahia, 2003. METHODS: This is a cross-sectional census study that enrolled a population of 290 adolescents kept on a deprivation of liberty regimen. Aquestionnaire was used

  9. Gravidez ectópica na cicatriz uterina de cesárea: relato de caso Cesarean scar ectopic pregnancy: a case report

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maurício de Souza Arruda

    2008-10-01

    Full Text Available Gravidez ectópica na cicatriz de cesárea é a forma mais rara de gravidez ectópica e provavelmente uma das mais perigosas em função dos riscos de ruptura e hemorragia volumosa. Essa situação deve ser diferenciada da gravidez cervical e de abortamento em curso, para que o tratamento apropriado seja imediatamente oferecido. Desde o advento da ultra-sonografia transvaginal, a gravidez ectópica na cicatriz de cesárea pode ser diagnosticada precocemente na gestação e, para isso o ultra-sonografista deve estar familiarizado com e atento aos critérios diagnósticos, especialmente em mulheres com cicatriz de cesárea prévia. Descrevemos aqui um caso de gravidez ectópica em cicatriz de cesárea, cujo diagnóstico foi tardio, havendo apresentação de involução espontânea.Ectopic pregnancy in a cesarean scar is the rarest form of ectopic pregnancy and probably the most dangerous one because of the risk of uterine rupture and massive hemorrhage. This condition must be distinguished from cervical pregnancy and spontaneous abortion in progress, so that the appropriate treatment can be immediately offered. Since the advent of endovaginal ultrasonography, ectopic pregnancy in a cesarean scar can be diagnosed early in pregnancy if the sonographer is familiarized with the diagnostic criteria of this situation, especially in women with previous cesarean scar. Here we describe a case of ectopic pregnancy in a cesarean scar in which the diagnosis was considerably late, with presentation of spontaneous regression.

  10. Violência e atividade sexual desprotegida em adolescentes menores de 15 anos Violence and unsafe sexual activity of adolescents under 15 years of age

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sérgio Araujo Martins Teixeira

    2010-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Identificar fatores associados à atividade sexual desprotegida em adolescentes femininas menores de 15 anos. MÉTODOS: Estudo observacional de corte transversal com adolescentes femininas menores de 15 anos e sexualmente ativas, atendidas em um ambulatório público de ginecologia. Os instrumentos de coleta de dados foram: entrevista semiestruturada para dados pessoais e de sexualidade, e exame clínico-laboratorial para diagnóstico de doenças sexualmente transmissíveis. Os dados foram analisados por meio de testes de frequência, de associação de variáveis com p OBJECTIVE: To identify factors associated with unprotected sexual activity in female adolescents younger than 15 years. METHODS: Observational cross-sectional trial with female teenagers less than 15 years-old and sexually active, attended at a public gynecology clinic. Instruments for data collection were: semi-structured interviews for personal data and about sexuality as well as clinical examination and laboratory tests for diagnosis of sexually transmitted diseases. Data were analyzed by testing of frequency, association of variables with p <0.05 and multiple correspondence analysis. RESULTS: One hundred adolescents between 11 and 14 years of age sexually active were interviewed and examined, 71% declared themselves black, one-third were behind in school, 80% began sexual activity before 13 years of age , 58% reported having been victims of violence in the intrafamily environment and 13% had suffered sexual abuse, 77% did not use condoms regularly and 22% had STDs. Unprotected sexual activity occurred more frequently with the first sexual intercourse before 13 years of age, commercial sexual exploitaion, multiple sexual partners, intrafamily violence and school delay, in addition to be black, to unexpected pregnancy and have STDs. CONCLUSION: The multiple violence suffered by teenagers, including structural, intrafamily and sexual, contribute to increase their

  11. Tratamento do transtorno de ansiedade social em crianças e adolescentes Treatment of social anxiety disorder in children and adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciano Isolan

    2007-01-01

    Full Text Available CONTEXTO: Transtorno de ansiedade social é um transtorno incapacitante e altamente prevalente em crianças e adolescentes ao longo da vida, de acordo com os critérios do DSM-IV, variando de 0,7% a 3,5%. Se não tratado, pode interferir no funcionamento emocional, social e escolar. OBJETIVOS: Avaliar a evidência atual para a eficácia e efetividade de intervenções farmacológicas e psicoterápicas no tratamento do transtorno de ansiedade social na infância e na adolescência. MÉTODOS: Pesquisas foram realizadas por meio do PubMed, Lilacs, PsycINFO e Cochrane Library até agosto de 2006 usando os termos "social anxiety disorder" OR "social phobia" AND "child*" AND "adolesc*". RESULTADOS: Várias modalidades de tratamento, incluindo tratamentos psicoterápicos e farmacológicos, têm sido propostas para o tratamento desse transtorno. Terapia cognitivo-comportamental e farmacoterapia, principalmente com inibidores seletivos da recaptação de serotonina, são o tratamento de escolha para o transtorno de ansiedade social nessa idade. CONCLUSÕES: Embora vários tratamentos tenham sido propostos, estudos adicionais são necessários para melhorar os desfechos em crianças e adolescentes afetados com transtorno de ansiedade social.BACKGROUND: Social anxiety disorder is a debilitating, highly prevalent disorder in children and adolescents with lifetime prevalence rates, according to DSM-IV criteria, ranging from 0.7% to 3.5%. If left untreated, it can interfere with emotional, social, and school functioning. OBJECTIVE: To evaluate the current evidence for efficacy and effectiveness of pharmacological and psychotherapeutic interventions in the treatment of social anxiety disorder in children and adolescents. METHODS: Searches were undertaken through PubMed, Lilacs, PsycINFO and Cochrane Library until august 2006, using the terms "social anxiety disorder" OR "social phobia" AND "child*" AND "adolesc*". RESULTS: Several treatment modalities

  12. Hábitos de higiene bucal e fatores sociodemográficos em adolescentes Sociodemographic factors associated with oral hygiene habits in Brazilian adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria do Carmo Matias Freire

    2007-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Investigar os hábitos de higiene bucal de adolescentes e sua relação com o sexo e o nível socioeconômico. MÉTODOS: Foram analisados dados secundários de um estudo transversal utilizando questionários auto-aplicáveis em 664 escolares de 15 anos, selecionados aleatoriamente de escolas públicas e privadas e suas mães, em Goiânia-GO. RESULTADOS: 51,8% da amostra eram do sexo feminino e 48,2% do masculino, 325 (48,9% pertenciam ao grupo de nível socioeconômico alto e 339 (51,1% ao nível baixo. Todos os adolescentes afirmaram que limpavam os dentes. Os principais motivos foram relacionados à saúde (73,5% e limpeza (40,2%. Os motivos foram associados ao sexo (pOBJECTIVE: To investigate the oral hygiene habits of Brazilian adolescents and their relation with gender and socioeconomic status. METHODS: Secondary data analyzed were from a cross-sectional study using self-completion questionnaires among 664 15-year-old schoolchildren randomly selected from public and private schools and their mothers, in Goiânia-GO, Brazil. RESULTS: 51.8% of the sample comprised girls and 48.2% boys; 48.9% were from a high social class and 51.1% from a low social class. All adolescents said they cleaned their teeth. The main reasons were related to health (73.5% and cleanliness (40.2%. Reasons varied by gender (p<0.001 and socioeconomic status (p<0.05. Most adolescents said they brushed their teeth three times or more a day (77.7%. The most common oral hygiene aids were toothbrush (97.6%, toothpaste (90.5% and dental floss (69.1%. Females brushed their teeth with higher frequency than males (p=0.001. Main brushing times were after lunch (80.3%, before breakfast (73.5% and before going to sleep (62.5%. Most adolescents (82.7% said they did not need to be reminded to brush. Significantly, more males than females said they needed to be reminded (p=0.017. Mothers were the main person to remind them to brush (66.1% and the person who gave them their

  13. Trabalho infantil em Franca: um laboratório das lutas sociais em defesa da criança e do adolescente Child labour in Franca: a laboratory of the lute social in defensibility of the children and adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elisiane Sartori

    2006-06-01

    Full Text Available Este artigo propõe uma reflexão sobre o processo de conscientização e mobilização em torno do tema trabalho da criança, as lutas sociais no combate à sua eliminação e o processo de implementação de um dos programas mais atuantes na área - o IPEC (Programa Internacional de Eliminação do Trabalho Infantil. Através de um breve retrospecto histórico sobre a entrada do tema trabalho da criança na agenda nacional e internacional, descrevo a atuação dos atores sociais que fizeram parte da discussão e da criação de projetos e de programas de erradicação do trabalho infantil, discutindo a consolidação dos movimentos sociais em defesa das crianças e dos adolescentes. A análise das representações do trabalho infantil na família e no cotidiano das crianças e dos adolescentes está atravessada pela questão de gênero, observada nas falas das crianças e adolescentes, bem como de suas famílias.This paper proposes a reflection on the process of awareness gain and mobilization around the theme of child labor, the social struggles against the elimination of this practice, and the process of implementation of one of the most active programs in the area - the IPEC (International Programme on the Elimination of Child Labour. Through a brief retrospective history of the inclusion of the theme of child labor on both the national and international agendas, this work describes the performance of the social actors participating in the process of discussion and preparation of projects and programs for eradicating child labor. It also discusses the consolidation of the social movements engaged in defending (the rights of children and adolescents. The analysis of the representations of child labor inside the family and in the daily routine of both children and adolescents is permeated by the gender issue, which is verified in the words of children, adolescents, and their families.

  14. Sofrimento psíquico em crianças e adolescentes: a busca pelo tratamento Sufrimiento psíquico en niños y adolescentes: la búsqueda por tratamiento Psychic suffering in children and adolescents: the search for treatment

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Ruth Macêdo Monteiro

    2012-09-01

    Full Text Available Trata-se de uma pesquisa de natureza descritiva com abordagem qualitativa, realizada em um centro de atenção psicossocial infantil - CAPSi, do município de Fortaleza-CE. Este estudo objetiva descrever a atitude da família na busca de tratamento da criança/adolescente em sofrimento psíquico. Os sujeitos desta pesquisa constituem-se de 42 familiares cuidadores de crianças e adolescentes, usuários do CAPSi. A coleta de dados foi realizada por meio de entrevistas semiestruturadas. A análise dos dados foi feita por meio de entrevistas divididas em categorias, em que as falas com ideias semelhantes se reuniam em uma mesma categoria. Os resultados mostram um importante elemento sobre a falta de assistência à família do indivíduo em adoecimento psíquico, evidenciando a fundamental importância de englobar toda a família no processo terapêutico. Concluiu-se que se fazem necessárias reflexões acerca da atenção de saúde direcionada ao adoecimento psíquico, em relação às crianças e adolescentes, bem como em relação às famílias envolvidas, prevenindo ou intercedendo precocemente no adoecimento psíquico.Se trata de una investigación de naturaleza descriptiva con abordaje cualitativo, realizada en un centro de atención psicosocial infantil - CAPSi, del municipio de Fortaleza-CE. Este estudio tiene como objetivo describir la actitud de la familia en la busca de tratamiento del niño/adolescente con sufrimiento psíquico. Los sujetos de esta investigación son 42 familiares cuidadores de niños y adolescentes, usuarios del CAPSi. La colecta de datos fue realizada por medio de entrevistas semeestructuradas. El análisis de los datos fue hecho a través de entrevistas divididas en categorías, reuniendo las respuestas con ideas semejantes en una misma categoría. Los resultados muestran un importante elemento sobre la falta de asistencia a la familia del individuo en padecimiento psíquico, evidenciando la importancia fundamental

  15. PROJETO DE EXTENSÃO: HUMANIZAÇÃO E EDUCAÇÃO EM SAÚDE JUNTO AOS CUIDADORES, CRIANÇAS E ADOLESCENTES NO HOSPITAL UNIVERSITÁRIO INFANTIL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bruna Cavalheiro Engel

    2016-11-01

    Full Text Available O presente artigo é um relato de experiência do projeto de extensão Humanizar e Educar em saúde. O projeto é constituído por uma equipe interdisciplinar, contando com docentes e discentes dos cursos de Fisioterapia, Psicologia e Nutrição. O projeto de extensão é voltado à humanização e educação em saúde no Hospital Universitário Pequeno Anjo (HUPA, que atende crianças de 0 a 14 anos.  Este projeto tem como objetivo a troca de saberes junto às crianças, adolescentes e cuidadores por meio de roda de conversa e estratégias dinâmicas. A metodologia adotada é a da roda de conversa orientada pelos preceitos de Paulo Freire. No período de março de 2015 a junho de 2016 aconteceram 90 encontros e a participação de 742 cuidadores, crianças e adolescentes. As rodas de conversa com cuidadores de crianças e adolescentes permitiu a troca de experiências, na qual os sujeitos auxiliam uns aos outros no processo de enfrentamento da hospitalização.

  16. Factores sociales para el uso de alcohol en adolescentes y jóvenes Fatores sociais para o uso de álcool em adolescentes e jovens Social risk factors for alcohol use among adolescents and youth

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Laura Débora Acosta

    2011-06-01

    Full Text Available Esta investigación analiza factores sociales de riesgo y de protección para el consumo excesivo de alcohol a partir de los datos de la Encuesta Nacional sobre prevalencias de consumo de sustancias psicoactivas, en 2008, en la población de jóvenes argentinos de 16 a 24 años. Se realizó análisis bivariado y multivariado. Se observó como factores de riesgo: la edad de inicio (el menor edad tiene mayor riesgo, la región Pampeana, Noroeste y Noreste, el género masculino y el provenir de hogares con necesidades básicas insatisfechas. Entre los factores protectores identifica: inactividad, no haber tenido posibilidad de probar drogas ilícitas, no sentir deseos de probar drogas ilícitas, y no haber consumido: tabaco, tranquilizantes, cocaína y pasta base - alguna vez en la vida. Los resultados aportan información útil para la formulación de programas preventivos para la población adolescente y joven.Este estudo analisa os fatores sociais de risco e proteção para o uso excessivo de álcool, a partir dos dados da "Pesquisa nacional sobre a prevalência do uso de substâncias psicoativas, em 2008", na população de jovens argentinos, de 16 a 24 anos. A análise bivariada e análise multivariada foram utilizadas. Observou-se, como fatores de risco para a idade de início (quanto mais jovem, maior o risco, a região dos Pampas, Noroeste e Nordeste, o sexo masculino, provenientes de famílias com necessidades básicas insatisfeitas e idade de início. Entre os fatores de proteção encontram-se a ociosidade, não ter oportunidade de experimentar drogas ilícitas, não se sentir tentado a experimentar drogas ilícitas e não ter usado o tabaco, ou tranquilizantes, ou cocaína, ou base de cocaína, uma vez na vida. Os resultados fornecem informações úteis para o desenvolvimento de programas de prevenção na população adolescente e jovens.This study examines the social risk and protection factors for excessive alcohol use, based on the

  17. Un modelo explicativo de resiliencia en jovenes y adolescentes Um modelo explicativo de resiliência em jovens e adolescentes An explanatory model of resilience in youth and adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alicia Omar

    2011-06-01

    Full Text Available La resiliencia ha sido definida como la capacidad para superar y salir fortalecido de las adversidades. Esta capacidad es evolutiva y es influenciada por factores protectivos, tanto personales como ambientales. Si bien muchos de estos factores han sido identificados, poco se sabe acerca de las complejas interacciones entre ellos y la forma que contribuyen al desarrollo de la resiliencia. Con base en la evidencia científica más reciente, el objetivo del presente trabajo fue desarrollar un modelo explicativo de la resiliencia en jóvenes y adolescentes. Cada variable introducida en el modelo asienta sus bases en la evidencia teórica o empírica publicada. Por la naturaleza de las variables incluidas (optimismo, sentido del humor, emociones positivas, bienestar, inteligencia emocional, el modelo propuesto se enmarca dentro de los lineamientos de la Psicología Positiva. Se ofrecen sugerencias teóricas, metodológicas y epistemológicas para poner a prueba el modelo..Tem-se definido resiliência como a capacidade de superar as adversidades e sair delas mais fortalecido. Esta capacidade é evolutiva e é influenciada por fatores de proteção tanto pessoal como ambiental. Embora muitos desses fatores tenham sido identificados, pouco se sabe sobre as complexas interações entre eles e a maneira como contribuem para o desenvolvimento da resiliência. O bjetivo destes trabalho foi desenvolver, com base nos últimos dados científicos, um modelo explicativo da resiliência em jovens e adolescentes. Cada variável introduzida no modelo está enraizada na prova teórica ou empírica publicada. Pela natureza das variáveis incluídas (otimismo, senso de humor, emoções positivas, bem-estar e inteligência emocional, o modelo proposto enquadra-se nas diretrizes da Psicologia Positiva. Sugestões teóricas, metodológicas e epistemológicas são oferecidas para testar o modelo.Resilience has been defined as the ability to overcome and emerge stronger

  18. Uso de tabaco e perfil lipídico-lipoprotéico plasmático em adolescentes Tobacco use and plasma lipid-lipoprotein profile in adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Dartagnan Pinto Guedes

    2007-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar o impacto quanto ao uso de tabaco no perfil lipídico-lipoprotéico plasmático em amostra representativa de adolescentes. MÉTODOS: A amostra foi constituída por 452 sujeitos (246 moças e 206 rapazes com idades entre 15 e 18 anos. Os participantes completaram questionário estruturado auto-administrado com relação ao uso de tabaco. As concentrações de lipídeos-lipoproteínas plasmáticas foram estabelecidas mediante procedimentos laboratoriais. Os procedimentos da análise de covariância, controlando a participação da ingestão de gordura saturada e de colesterol dietético, foram empregados para identificar as diferenças entre os valores médios. As estimativas de odds ratio foram utilizadas para estabelecer o risco relativo dos adolescentes fumantes apresentarem perfil lipídico-lipoprotéico de risco aterogênico. RESULTADOS: A proporção de fumantes foi de 20,9% entre os rapazes e 15,4% entre as moças. O consumo médio de cigarros por dia foi de 9,2 ± 4,7 nos rapazes e 5,6 ± 3,1 nas moças. Quando comparados com não fumantes, rapazes e moças fumantes apresentaram níveis séricos de colesterol total, LDL-colesterol, triglicerídeos e apolipoproteína B100 significativamente mais elevados, e níveis séricos de HDL-colesterol significativamente menores. Adolescentes fumantes tenderam a demonstrar risco de níveis de lipídeos-lipoproteinas plasmáticas alterados duas vezes maior que não fumantes. CONCLUSÃO: Intervenções direcionadas à adoção de um estilo de vida saudável, incluindo abstenção do uso de tabaco, deverão iniciar-se em idades precoces na tentativa de prevenir ou retardar o desenvolvimento de lesões ateroscleróticas e minimizar o aparecimento de coronariopatias prematuras na idade adulta.OBJECTIVE: To analyze the impact of tobacco use on plasma lipid lipoprotein profile in representative sample of adolescents. METHODS: A sample of 452 subjects (246 girls and 206 boys 15 to 18 years

  19. Consumo alimentar e gasto energético em adolescentes obesos e eutróficos Food consumption and energy expenditure in obese and non-obese adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Camila Dayrell

    2009-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Comparar, entre adolescentes obesos e eutróficos, variáveis relacionadas ao consumo alimentar e ao gasto energético. MÉTODOS: Estudo transversal com 23 adolescentes recrutados em escolas e centros de recreação de São Paulo (SP, distribuídos em dois grupos: 11 obesos e 12 eutróficos. Foram avaliados: peso corporal, estatura, índice de massa corporal, circunferência da cintura, massa magra e massa gorda (estimados por bioimpedância elétrica, três recordatórios alimentares de 24 horas, estimativa do gasto energético diário a partir de três métodos (recordatórios de atividade física, fórmulas preditivas e calorimetria indireta, gasto energético de repouso e a potência aeróbia. RESULTADOS: O gasto energético diário dos obesos foi maior, porém a ingestão alimentar se assemelhou à dos eutróficos. Não foram encontradas diferenças no gasto energético de repouso entre os grupos, porém a potência aeróbia foi maior nos eutróficos. A dieta de ambos os grupos não foi considerada saudável, mas os obesos apresentaram menor consumo de vários alimentos considerados saudáveis, como hortaliças. Observou-se discrepância na análise do gasto energético diário, quando se adotaram diferentes métodos. CONCLUSÕES: Os adolescentes apresentaram padrão alimentar associado ao risco de obesidade e doenças crônicas. Mais estudos são necessários para identificar melhores métodos para avaliar seu gasto energético. É urgente a busca de estratégias de educação nutricional específicas para esse grupo etário.OBJECTIVE: To compare food consumption and energy expenditure between obese and non-obese adolescents. METHODS: This cross-sectional study comprised 23 adolescents recruited from schools and recreation centers from São Paulo (SP, Brazil, distributed in two groups: 11 obese and 12 non-obese. The following variables were analyzed: body weight, height, body mass index, waist circumference, fat and lean mass

  20. Avaliação da capacidade preditiva da bioimpedância tetrapolar segmentada vertical na detecção do excesso de peso em adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Felipe Silva Neves

    2015-12-01

    Full Text Available Resumo Objetivo Analisar a capacidade preditiva da bioimpedância tetrapolar segmentada vertical na detecção do excesso de peso em adolescentes com o uso da bioimpedância tetrapolar horizontal como referência. Métodos Estudo transversal feito com 411 alunos de 10 a 14 anos, de ambos os sexos, matriculados em escolas públicas e privadas, selecionados por processo amostral aleatório simples e estratificados de acordo com sexo, idade e proporção em cada instituição. Foi feita avaliação antropométrica e analisada a composição corporal por meio das bioimpedâncias bipolar vertical, tetrapolar horizontal e tetrapolar segmentada vertical. Foram construídas as curvas ROC com base nos cálculos de sensibilidade/especificidade para cada ponto das diferentes medições possíveis de gordura corporal do equipamento em questão. Posteriormente, foram executados os seguintes testes estatíticos: t de Student, correlação de Pearson e qui-quadrado de McNemar. Para a interpretação das variáveis, usou-se o software SPSS 17.0. Resultados A amostra foi composta por 53,7% meninas e 46,3% meninos. Do total, 20% e 12,5% exibiram, respectivamente, sobrepeso e obesidade. Os gráficos das medidas dos segmentos corporais refletiram-se em altos valores de sensibilidade e especificidade, além de elevadas áreas sob a curva ROC, que variaram de 0,83 a 0,95 para meninas e de 0,92 a 0,98 para meninos, o que sugere um desempenho levemente superior para o sexo masculino. O percentual de gordura total foi apontado como o critério mais eficiente do equipamento para a detecção do excesso de peso, enquanto a gordura segmentar do tronco apresentou-se como um indicador de precisão inferior. Conclusão A aparelho comportou-se satisfatoriamente na predição do excesso de peso.

  1. Efetividade de uma intervenção educacional em tabagismo entre adolescentes escolares Effectiveness of an educational intervention on smoking among school adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maura C. Malcon

    2011-03-01

    Full Text Available O objetivo do estudo foi avaliar a efetividade de um programa educacional sobre tabagismo desenvolvido pelo Instituto Nacional do Câncer em adolescentes escolares de Pelotas, RS. Das 46 escolas públicas da cidade, 32 foram sorteadas aleatoriamente e, posteriormente, randomizadas em grupo controle ou intervenção. Em ambas as fases do estudo (pré e pós-intervenção, os estudantes de 7ª e 8ª série responderam a um questionário, e uma amostra de urina foi coletada para análise de cotinina. A intervenção educativa teve duração de seis meses. Os desfechos estudados foram: "auto-relato de uso de cigarros nos últimos 30 dias" e "concentração de cotinina na urina (categorizada em > 10 ng/ml e > 30 ng/ml". A intervenção não provocou mudança na prevalência de tabagismo, tanto mensurado por auto-relato como pela concentração de cotinina. No entanto, o conhecimento dos alunos acerca dos malefícios do cigarro aumentou no grupo intervenção. Em resumo, não houve efetividade da intervenção educacional para mudanças de comportamento, mas houve melhora no conhecimento dos prejuízos do fumo.The aim of the present study was to evaluate the effectiveness of an educational program on smoking developed by the Brazilian Institute of Cancer among adolescents from Pelotas, Brazil. Out of 46 public schools in the city, 32 were sampled and randomized into an intervention and a control group. In both phases of the study (pre and post intervention, 7th and 8th grade students answered to a questionnaire and had a sample of urine collected for cotinine analysis. The educational intervention lasted six months. Outcome variables were: "self-reported smoking within the previous 30 days" and "cotinine concentration in urine (classified into > 10 ng/ml and > 30 ng/ml. No effects of the intervention were observed for any of the behavioral outcomes, although knowledge on the harmful effects of smoking increased in the intervention group. In summary

  2. Micronutrientes e capacidade antioxidante em adolescentes sedentários e corredores Micronutrients and antioxidant capacity in sedentary adolescents and runners

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Karla de Jesus Fernandes de Oliveira

    2007-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Este estudo objetivou comparar a composição corporal, a ingestão dietética, os índices bioquímicos de micronutrientes antioxidantes e a capacidade antioxidante em adolescentes sedentários (n=15 e corredores (n=18, pós-púberes. MÉTODOS: A composição corporal foi aferida por meio das dobras cutâneas, massa corporal total e estatura; a ingestão de micronutrientes foi determinada através de freqüência de consumo alimentar e os indicadores bioquímicos por coleta de sangue em jejum. Em sangue total foram determinados hematócrito e hemoglobina; em plasma, testosterona, alfa-tocoferol, cobre, zinco, e ceruloplasmina; em eritrócitos, fragilidade osmótica, zinco, Cu-Zn superóxido dismutase e metalotioneína. RESULTADOS: A capacidade antioxidante, a ingestão dietética e a composição corporal foram similares, exceto o somatório de dobras cutâneas, que foi menor nos corredores (pOBJECTIVE: The aim of this study was to compare body composition, biochemical indices of antioxidant micronutrients, intake and nutritional status and antioxidant capacity in post-puberty sedentary adolescents (n=15 and runners (n=18. METHODS: Skin-fold measurements, total body mass and height were used for anthropometric evaluation and a food frequency questionnaire for assessment of micronutrient intake. Biochemical indices measured after an overnight fast included: blood hemoglobin and hematocrit; plasma testosterone, a-tocopherol, copper, zinc and ceruloplasmin; and in erythrocytes, osmotic fragility, zinc, Cu-Zn superoxide dismutase and metallothionein. RESULTS: Indices of antioxidant capacity, dietary intake, and body composition were not different between the groups, except for the sum of skin-folds that was lower in runners (p<0.05. Most adolescents had vitamin E intakes lower than nutritional recommendations. Plasma levels of copper and zinc were, on average, adequate. Copper levels were similar in both groups and zinc levels were higher

  3. Adolescentes en puerperio y sus prácticas de cuidado Adolescentes em puerpério e suas práticas de cuidado Adolescents in puerperium and their care practices

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    SANDRA LILIANA CARDOZO SILVA

    Full Text Available El presente estudio describe las prácticas de cuidado de un grupo de puérperas adolescentes en el Hospital San Rafael de Girardot en 2007. La muestra la conformaron 75 mujeres entre los días 11 y 40 de postparto. La información se recolectó utilizando el cuestionario " Prácticas de cuidado que realizan consigo mismas las mujeres en el posparto" , versión 21 de mayo de 2004, que comprende 6 categorías: alimentación, higiene, actividad y ejercicio, hábitos no beneficiosos, uso de medicamentos y sistemas de apoyo (1. Para el análisis, las respuestas de contenido abierto se agruparon por homogeneidad estableciendo categorías y presentación de datos en tablas con frecuencias de aparición; para las preguntas cerradas se elaboraron tablas y gráficas con distribución porcentual. Entre los resultados se encontró que las edades de las participantes estuvieron comprendidas entre 14 y 20 años, la mayoría primíparas y con estado civil unión libre, grado de escolaridad secundaria incompleta y nivel socioeconómico bajo. Las prácticas de cuidado en estas puérperas reportaron que aún están orientadas por la familia, especialmente por las mujeres: madres, abuelas y suegras; sobresalen: el uso de algodones en los oídos, pañoleta en la cabeza y no exponerse a fenómenos naturales como el sereno, el sol y la lluvia, para evitar " dolor de cabeza" , y la reducción de la actividad física para que no se " caiga la matriz" . Se observó cómo las recomendaciones brindadas por enfermería, ganan terreno, y son practicadas por las madres al interior de sus familias.O presente levantamento descreve as práticas de cuidado de um grupo de adolescentes em puerpério no Hospital San Rafael de Girardor em 2007. A amostra está constituída por 75 mulheres entre os dias 11 e 40 da etapa pósparto. A informação foi compilada mediante o questionário " Práticas de autocuidado das mulheres na etapa de pósparto" , versão 21 de maio de 2004, que

  4. Adolescentes en puerperio y sus prácticas de cuidado Adolescents in puerperium and their care practices Adolescentes em puerpério e suas práticas de cuidado

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    BERNAL ROLDÁN MARÍA DEL CARMEN

    2009-12-01

    , activity and exercise, non beneficial habits, use of drugs and support systems (1. For analysis, open content answers were grouped by homogeneity, establishing categories and presentation of data in tables with recurrent frequencies. For closed questions, tables and graphs were used, with a percentage distribution. Results showed that ages were between 14 and 20, most of them first-time mothers and with civil union status, incomplete secondary schooling and low social economic income level. Care practices of these puerperas reported that they are still oriented by their families, specially by women in their families: mothers, grandmothers, mothers in law; One should highlight the use of cotton into the ears, kerchiefs on the head and not to expose themselves to natural phenomenon such as cold, sun and rain to prevent “headaches” and reduction of physical activities so that “the womb does not fall down”. It was evident that recommendations given by the nursing community are gaining ground in comparison with these old wives’ tales and they are being followed within their familie