WorldWideScience

Sample records for fungos toxigenicos em

  1. Fungos em sementes de plantas ornamentais

    OpenAIRE

    Barreto, Sarah da Silva; Rezende, Denise Vilela de; Blum,Luiz Eduardo Bassay

    2011-01-01

    Estudou-se a ocorrência de fungos em sementes de nove espécies de plantas ornamentais herbáceas (Dahlia pinnata, Petunia x hybrida, Phlox drummondii, Rudbeckia hirta, Salvia farinacea, Salvia splendens, Tagetes patula, Viola tricolor e Zinnia elegans) costumeiramente plantadas no Distrito Federal. O método de detecção utilizado foi o de papel de filtro (“blotter-test”), sendo que uma subamostra, de 100 sementes, de cada espécie foi submetida a assepsia com álcool 70% e hipoclorito de sódio 1%...

  2. MONITORAMENTO DE FUNGOS EM MILHO EM GRÃO, GRITS E FUBÁ

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    MÁRCIA B.A.

    1998-01-01

    Full Text Available O conhecimento de como a qualidade sanitária da matéria-prima afeta a qualidade dos seus subprodutos é muito importante para a indústria e para o consumidor. Para tanto foram analisadas 81 amostras de milho em grão, 81 de grits (canjica e 81 de fubá coletadas semanalmente antes e após o processamento, durante aproximadamente 4 meses, para determinar a contaminação interna dos grãos por fungos. Os grãos destas amostras foram lavados externamente com uma solução de hipoclorito de sódio à 2% e semeados em dois meios de cultura, Ágar Batata Dextrose e Ágar Suco de Tomate. O fubá não sofreu lavagem sendo colocado pequenas porções diretamente sobre os meios de cultura. Após a incubação à 25° C durante 4 a 7 dias, os fungos foram contados e identificados. Os fungos encontrados pertenciam aos gêneros Aspergillus, Fusarium, Penicillium, Mucor e Rhizopus. Amostras de fubá apresentaram a maior porcentagem de infecção fúngica, provavelmente originada da matéria prima e/ou das condições de processamento e/ou armazenamento do mesmo. Os fungos isolados das amostras de milho em grão, grits e fubá estão normalmente presentes em produtos e subprodutos armazenados, e alguns deles podem ser toxigênicos e vir a causar sérios problemas à saúde humana.

  3. Pesquisa de bactérias, fungos, protozoários e cristais em bile vesicular

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mauro Siqueira

    1971-04-01

    Full Text Available Os autores estudaram 40 vesículas e bile de cadáveres e 23 de portadores de colecistopatia que se submeteram à cirurgia; procuraram averiguar o percentual de positividade para bactérias, fungos, cristais e cálculos, para uma possível avaliação de etioloqia das colecistopaUas. Encontraram um elevado percentual de cristais - 60% em cadáveres e 63% em vesículas cirúrgicas -, e um baixo índice de fungos - 2,5% em cadáveres e 0% em bile vesicular cirúrgica. Dos 23 casos cirúrgicos, encontraram 13% de biles infectadas por bactérias e 50% em cadáveres que nunca referiram, em vida, qualquer sintoma que fizesse suspeitar colecistopatia.

  4. Busca de substâncias bioativas em fungos associados com a espécie Michelia champaca L. (Magnoliaceae)

    OpenAIRE

    Leptokarydis, Ioanis Hcristos [UNESP

    2008-01-01

    Os fungos, diferente dos vegetais são heterotróficos, mais especificamente quimiorganotróficos, por suas características específicas pertencem a um reino separado. Alguns dos fungos através de sua evolução se especializaram em invadir os espaços intercelulares das plantas passando a sobreviver dentro dos seus hospedeiros, não provocando nenhuma patologia. Estes microrganismos são denominados de fungos endofíticos. A disputa por alimentos entre os fungos no interior das espécies vegetais, gero...

  5. DIVERSIDADE DE FUNGOS LIQUENIZADOS DA FAMÍLIA PARMELIACEAE COLETADOS EM UM LEVANTAMENTO “RELÂMPAGO” EM LORENA, SP

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Brendon Maximiliano Oliveira da Silva

    2017-01-01

    Full Text Available Os liquens, associações entre fungos e algas unicelulares ou cianobactérias, são encontrados em muitos ambientes sobre vários substratos inclusive sobre troncos de árvores. Os liquens foliosos da família Parmeliaceae são bastante comuns nos ambientes brasileiros. Mesmo sendo comuns há ainda poucos levantamentos da diversidade de liquens em ambientes urbanos. Este estudo realizou um levantamento de espécies de fungos liquenizados por meio de uma coleta relâmpago em 17 forófitos de uma avenida no município de Lorena. Foram coletados 43 talos de liquens dos quais 70% são da família Parmeliaceae e estão distribuídos em seis gêneros e 21 espécies, sendo Parmotrema e Canomaculina os gêneros mais frequentes e Parmotrema tinctorum a espécie mais coletada. Pode se concluir que mesmo em ambientes não ideais, como os urbanos, há diversidade de espécies de fungos liquenizados.

  6. DETECÇÃO DE FUNGOS PATOGÊNICOS EM SEMENTES DE ACÁCIA-NEGRA (Acacia mearnsii De Wild

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Flávia Elise Meneghini dos Santos

    2000-10-01

    Full Text Available A presença de fungos pode reduzir a capacidade germinativa de um lote de sementes, causar a morte de plântulas ou transmitir doenças para plantas adultas. É necessário conhecer os agentes, as causas e as conseqüências decorrentes da contaminação por fungos patogênicos. Desse modo, o presente estudo teve como objetivo identificar os fungos associados às sementes de Acacia mearnsii De Wild, armazenadas a 5°C, por um período de 12 meses. Foram utilizadas sementes de acácia-negra oriundas de plantio comercial, aos 4 anos de idade cuja procedência é África do Sul. As sementes foram colhidas em três épocas distintas: (i quando com frutos verdes e/ou pigmentados; (ii quando com frutos negros e início de abertura das vagens; (iii quando com sementes coletadas no solo, após a dispersão natural, sendo empregadas como testemunha. Os fungos associados às sementes foram: Botryodiplodia sp., Botrytis sp. (família Moniliaceae, Cladosporium sp.(família Dematiaceae, Cylindrocladium sp., Fusarium sp., Penicillium sp., Pestalotia sp., Rhizoctonia sp., Trichoderma sp. e outros fungos não identificados. De maneira geral, a autoclavagem das sementes promoveu maiores taxas de germinação e a eliminação de fungos associados. As sementes, que apresentaram maior contaminação por fungos, foram aquelas oriundas da coleta no solo. Os fungos de solo observados, que poderiam ocasionar danos em plântulas no viveiro e, simultaneamente, estarem associados à gomose em acácia-negra, foram: Botrytis sp., Cylindrocladium sp.

  7. Diversidade de fungos endofíticos de mandacaru (Cereus jamacaru DC., Cactaceae) em áreas sucessionais de Caatinga

    OpenAIRE

    2013-01-01

    Fungos endofíticos vivem dentro dos tecidos sadios de plantas e podem promover tolerância das espécies hospedeiras para diferentes estresses ambientais. No entanto, a maioria dos estudos tem sido de plantas em ambientes úmidos e são poucos os relatos dos benefícios de tais associações com plantas de ambientes extremos. O objetivo deste trabalho foi analisar a diversidade de fungos endofíticos de Cereus jamacaru em três diferentes áreas de sucessão ecológica da floresta tropical seca brasileir...

  8. Qual seria a fonte de fungos miceliais encontrados em leite humano ordenhado?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Novak Franz Reis

    2002-01-01

    Full Text Available Caracterizou-se os gêneros de fungos miceliais encontrados em amostras de leite humano ordenhado, recebidas a partir de coleta domiciliar, pelo Banco de Leite Humano do Instituto Fernandes Figueira. Foram analisadas 821 amostras de leite humano ordenhado, obtidas ao acaso, a partir de frascos coletados nos domicílios pelas próprias doadoras, e realizadas pesquisas de bolores e leveduras e microrganismos mesófilos. As análises revelaram a ocorrência de bolores e leveduras em 43 (5,2% das amostras, com contagens atingindo a ordem de 10³UFC/ml, tendo sido isoladas 48 cepas de fungos miceliais, que foram identificadas por técnicas padrão de laboratório, como as seguintes: Aspergillus Grupo Niger (6,3%, Aspergillus sp. (4,2%, Paecilomyces sp. (12,6%, Penicillium sp. (60,4%, Rhizopus sp. (2,0% e Syncephalastrum sp. (14,5%. Discute-se a importância do controle da assepsia das mãos das doadoras, antes da coleta do leite humano.

  9. Qual seria a fonte de fungos miceliais encontrados em leite humano ordenhado?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Franz Reis Novak

    2002-06-01

    Full Text Available Caracterizou-se os gêneros de fungos miceliais encontrados em amostras de leite humano ordenhado, recebidas a partir de coleta domiciliar, pelo Banco de Leite Humano do Instituto Fernandes Figueira. Foram analisadas 821 amostras de leite humano ordenhado, obtidas ao acaso, a partir de frascos coletados nos domicílios pelas próprias doadoras, e realizadas pesquisas de bolores e leveduras e microrganismos mesófilos. As análises revelaram a ocorrência de bolores e leveduras em 43 (5,2% das amostras, com contagens atingindo a ordem de 10³UFC/ml, tendo sido isoladas 48 cepas de fungos miceliais, que foram identificadas por técnicas padrão de laboratório, como as seguintes: Aspergillus Grupo Niger (6,3%, Aspergillus sp. (4,2%, Paecilomyces sp. (12,6%, Penicillium sp. (60,4%, Rhizopus sp. (2,0% e Syncephalastrum sp. (14,5%. Discute-se a importância do controle da assepsia das mãos das doadoras, antes da coleta do leite humano.

  10. SURVEY OF FUNGI IN WHEAT SEEDS LEVANTAMENTO DE FUNGOS EM SEMENTES DE TRIGO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aline Pellozo Pires

    2011-10-01

    Full Text Available

    The occurrence of pathogenic fungi in wheat seeds has been frequently reported, and this association is sometimes responsible for decreasing seeds physiologic quality, as well as introducing and disseminating pathogens and transferring early pathogens to the progeny. The objective of this study was to perform the first survey of fungi associated with upland and irrigated wheat seeds, in the Mato Grosso State, Brazil. The Brilhante, BRS 264, Aliança, BR 18, BRS 254, and IAC 350 cultivars were used. The health analysis was performed with the aid of the Blotter test adapted to water restriction (NaCl - 1.0 MPa, with eight replications (25 seeds per plate, totalizing 200 seeds per sample. The fungi identification was based on their morphologic features and their incidence was quantified. The results showed variability in diversity and incidence, with a total of 20 fungi genera in the 32 samples. <em>Cladosporium cladosporioides em>and <em>Bipolaris sorokinianaem> were present in 96.87% of the samples, followed by <em>Fusarium graminearumem>,> em>with 75.00%, and <em>Pyricularia griseaem>, with 59.37%.

    A presença de fungos patogênicos em sementes de trigo tem sido relatada com frequência, e esta associação é responsável, muitas vezes, pela redução da

  11. FUNGOS MICORRÍZICOS ARBUSCULARES EM DOIS SISTEMAS DE CULTIVO DE MILHO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Amália Aparecida Busoni Campos

    2015-07-01

    Full Text Available Tendo em vista a utilização dos fungos micorrízicos arbusculares atuando como bioindicadores de qualidade do solo, o objetivo deste trabalho foi avaliar os efeitos sobre a porcentagem de colonização micorrízica, número de esporos viáveis e glomalina facilmente extraível de dois diferentes sistemas de cultivo de milho: milho transgênico em cultivo convencional e milho variedade em cultivo alternativo. Os tratamentos foram semeados em duas faixas paralelas e contíguas, com dois hectares cada, em condições semelhantes de fertilidade de solo e relevo. No cultivo convencional o milho transgênico foi semeado com adubação na linha de 280 kg.ha-1 do fertilizante fórmula NPK 7-28-16, 8% Ca, 1,5% S e 0,3% Zn. Foi utilizado glifosato juntamente com o inseticida Chlorantraniliprole + lambda-cialotrina para o controle de mato e lagartas. No cultivo alternativo o solo foi preparado com a aplicação de 500 kg.ha-1 do condicionador de solo Bokashi e posterior gradagem e nivelamento. Foi aplicado o herbicida atrazina para contenção do mato e uma pulverização de inseticida biológico (Bacillus thuringiensis para controle da lagarta do cartucho (Spodoptera frugiperda. A amostragem de raízes e solo foi feita na profundidade de 0 a 20 cm no estádio R3 (grão pastoso. Foi utilizado o delineamento em faixas de tratamento com dez repetições.  Os dados foram submetidos ao teste de normalidade de Shapiro-Wilk e as médias dos tratamentos comparadas pelo teste t de Student (P<0,05. Os resultados mostram maiores índices de colonização micorrízica e concentração de glomalina no solo no cultivo alternativo com milho variedade, comparado ao cultivo convencional com cultivar transgênico. Em relação ao número de esporos viáveis não houve diferença significativa entre os tratamentos. O milho variedade, submetido ao manejo alternativo, proporcionou melhores condições para o desenvolvimento dos fungos micorrízicos, indicando ser esta a

  12. Gamma radiation effects on the frequency of toxigenic fungus on sene (Cassia angustifolia) and green tea (Camelia sinensis) samples; Efeito da radiacao gama na frequencia de fungos toxigenicos em amostras de sene (Cassia angustifolia) e cha verde (Camellia sinensis)

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Aquino, S.; Villavicencio, A.L.C.H. [Instituto de Pesquisas Energeticas e Nucleares (IPEN/CNEN-SP), Sao Paulo, SP (Brazil). Centro de Tecnologia das Radiacoes]. E-mail: siaq06@hotmail.com; Reis, T.A.; Zorzete, P.; Correa, B. [Universidade de Sao Paulo (USP), SP (Brazil). Inst. de Ciencias Biomedicas. Dept. de Microbiologia; Goncalez, E.; Rossi, M.H. [Instituto Biologico, Sao Paulo, SP (Brazil)

    2006-11-15

    The levels of contamination and gamma radiation effects were analyzed in the reduction of toxigenic filamentous fungus in two types of medicinal plants. Aspergillus and Penicillium were the predominant genders and 73,80% of the samples showed high levels of fungus contamination.

  13. Produção in vitro de enzimas extracelulares por fungos e sua relação com os sintomas descritos em planta hospedeira

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alice Elias

    2015-12-01

    Full Text Available RESUMOOs fungos fitopatogênicos habitantes de solo causam perdas econômicas em muitas culturas e são difíceis de serem controlados. Esses fungos podem ser agrupados pelos sintomas comuns que causam nas plantas, bem como pelas enzimas extracelulares que podem produzir. O objetivo do trabalho foi verificar a produção in vitro de enzimas extracelulares por fungos de solo e tentar relacionar essas enzimas com os sintomas que cada fungo causa em planta hospedeira. O ensaio foi delineado em esquema inteiramente casualizado, com dois fatores, sete fungos (Cylindrocladium spathiphylli, Rhizoctonia solani, Sclerotium rolfsii, Ceratocystis fimbriata, Sclerotinia sclerotiorum, Fusarium oxysporum f. sp. dianthi e Verticillium dahliae mais testemunha e seis enzimas (amilase, carboximetilcelulase, lipase, lacase, catalase e gelatinase com 10 repetições. Catalase e gelatinase foram mensuradas por escala de notas, enquanto que as demais pelo cálculo da área da coroa circular. O ensaio foi repetido e a análise foi realizada com os dados de dois ensaios. Os fungos que causam podridão na raiz ou no colo da planta apresentaram maior produção de lacase, enquanto os que causam obstrução, fendas ou até a destruição do sistema vascular demonstraram a prevalência da lipase.

  14. REDUÇÃO DE FUNGOS EM AMBIENTE DE BIBLIOTECA: VIABILIDADE DE APLICAÇÃO DE NEBLINA ATIVADA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Lúcia Pereira de Carvalho Ribeiro

    2016-12-01

    Full Text Available A qualidade do ar em ambientes de trabalho tem influência direta na qualidade de vida e bem-estar das pessoas que ocupam ou transitam nesses locais. Contaminantes biológicos, como fungos e bactérias, utilizam o material particulado (pólen, escamas de pele humana, pelos, poeira entre outros como substrato para se multiplicar. Estudos revelam que em ambientes fechados, com ventilação e climatização artificiais, é comum os ocupantes apresentarem sintomas persistentes, tais como: alergia, dor de cabeça, irritação nos olhos e nas mucosas, dores de garganta, tonturas e fadiga. As bibliotecas constituem um desses ambientes e, no caso brasileiro, apesar das normas existentes, há poucos estudos a respeito e praticamente nenhuma iniciativa de qualificação do ar dessas unidades. Este trabalho tem como objetivo analisar a efetividade do sistema de neblina quimicamente ativada para a redução de fungos no ambiente interno de bibliotecas. As medidas quantitativas de fungos no ar foram realizadas no interior na Bibliotheca Gonçalo Moniz, a unidade histórica da Faculdade de Medicina da Bahia, localizada no Centro Histórico de Salvador, com e sem o uso do sistema de neblina quimicamente ativada. O uso do sistema atingiu a redução de até 95% dos fungos presentes no ar interior da biblioteca. Originada do campo da saúde do trabalhador, esta pesquisa e seus resultados, por sua relevância, podem suscitar novos estudos, bem como determinar políticas institucionais de largo alcance para ambientes de bibliotecas, no país.

  15. Viabilidade de escleródios de Sclerotinia sclerotiorum e incidência de fungos antagonistas em solo de Cerrado

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leila de Castro Louback Ferraz

    2011-12-01

    Full Text Available A viabilidade de escleródios de Sclerotinia sclerotiorum foi avaliada durante oito meses em três solos de Cerrado cultivados. Escleródios produzidos "in vitro", mantidos em invólucros de náilon perfurados, foram enterrados a 5 cm de profundidade, em solos previamente fumigados ou não fumigados com brometo de metila. Após 10 dias de incubação, os escleródios foram examinados quanto à viabilidade e a presença de fungos antagônicos. A viabilidade foi estimada através do número de escleródios germinados 7 dias após plaqueamento em meio semi seletivo Neon-S. A viabilidade dos escleródios variou com o solo de Cerrado. Escleródios incubados em solos não fumigados com brometo de metila apresentaram menor viabilidade e maior presença de fungos antagônicos, indicando que estes solos contêm elementos supressivos de origem biológica. A viabilidade dos escleródios foi relacionada negativamente com a população de alguns microorganismos de solo. Nos tratamentos de maior incidência de Trichoderma spp. observou-se menor viabilidade de escleródios e solos fumigados suprimiram fortemente a ocorrência deste antagonista.

  16. Efeito de ZN, Cd e Cu no comportamento de fungos ectomicorrízicos em meio de cultura

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    P. H. Grazziotti

    2001-12-01

    Full Text Available Os fungos ectomicorrízicos são capazes de tolerar concentrações de metais pesados tóxicas às plantas hospedeiras, apesar de serem adversamente influenciados pelo excesso de alguns metais. Avaliou-se o crescimento de um isolado de Pisolithus tinctorius e outro de Suillus bovinus em meio de cultura líquido com doses crescentes de sais de Zn, Cu ou Cd adicionados individualmente em frascos de 125 mL que continham 50 mL de meio Mellin-Norkrans modificado (MNM, em pH 4,8. Os fungos cresceram por 20 dias em câmara de crescimento a 28ºC. O crescimento dos fungos foi inibido com a elevação das concentrações dos metais, porém de forma diferenciada. As concentrações suficientes para inibir 50% do crescimento foram de 2,71 x 10-3 mol L-1 de Zn, 1,18 x 10-3 mol L-1 de Cu e 12,2 x 10-6 mol L-1 de Cd, para o P. tinctorius, e de 2,15 x 10-3 mol L-1 de Zn, 0,12 x 10-3 mol L-1 de Cu e 7,2 x 10-6 mol L-1 de Cd, para o S. bovinus. O efeito inibitório dos metais sobre o crescimento dos fungos seguiu a seguinte ordem decrescente: Cd > Cu > Zn. O isolado de S. bovinus apresentou tolerância ao Zn similar à observada para o P. tinctorius, mas foi menos tolerante que este em relação aos outros dois metais. O crescimento de P. tinctorius foi favorecido por pequena dose de Cu. A produção de pigmentos extracelulares nestes isolados foi estimulada por todos os metais estudados. O P. tinctorius, o mais tolerante, produziu mais pigmentos extracelulares por grama de micélio, o que sugere a relação positiva entre a capacidade de produção de pigmentos e a tolerância aos metais.

  17. Fungos micorrízicos arbusculares em solos de área de mineração de bauxita em reabilitação

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Melloni Rogério

    2003-01-01

    Full Text Available Apesar de a mineração de bauxita causar grandes alterações nas características do solo, com efeitos negativos nas micorrizas arbusculares, os efeitos da reabilitação de áreas mineradas sobre os fungos micorrízicos arbusculares (MA e sua simbiose são pouco conhecidos. O objetivo deste trabalho foi avaliar a ocorrência, diversidade e eficiência dos fungos MA, em áreas de mineração de bauxita, com diferentes tipos de vegetação e idades de reabilitação. Amostras de solo da rizosfera foram coletadas para analisar o micélio fúngico extrarradicular, o número de esporos, a riqueza e diversidade de fungos MA e para avaliar a colonização micorrízica e eficiência simbiótica de populações fúngicas. A mineração afetou negativamente os fungos MA, sendo a recuperação destes mais relacionada com o tipo de vegetação do que com o tempo de reabilitação da área. Foram encontradas as espécies: Gigaspora margarita, Gigaspora sp., Paraglomus occultum, Glomus sp., Entrophospora colombiana e Acaulospora scrobiculata. A ocorrência desses fungos foi favorecida pela presença de gramíneas ede bracatinga. Embora Eucalyptus saligna não seja um bom hospedeiro para os fungos MA, quando associado a sub-bosque bem desenvolvido e diverso, contribuiu para a recuperação dos fungos. As populações fúngicas isoladas de áreas com braquiária e feijão-guandu ou de bracatinga com capim-gordura apresentaram elevada eficiência para o feijoeiro, mostrando que é possível recuperar a função deste grupo de microrganismos utilizando diferentes tipos de vegetação. Estes isolados apresentam potencial de utilização em programas de reabilitação de solos minerados.

  18. Ocorrência de fungos filamentosos em ninhos de Atta sexdens rubropilosa Forel, 1908 (Hymenoptera: Formicidae) submetidos a tratamentos com iscas tóxicas

    OpenAIRE

    Rodrigues,André

    2004-01-01

    Além do fungo simbionte que as formigas cortadeiras cultivam para alimentação, outros microrganismos podem ser encontrados em seus ninhos. Apesar das informações disponíveis recentemente na literatura, ainda pouco se sabe sobre esta microbiota, suas inter-relações e em quais circunstâncias podem interferir na simbiose. Este trabalho teve a intenção de fazer um levantamento das principais espécies de fungos filamentosos que podem ocorrer nos ninhos de Alta sexdens rubropilosa (saúva). Para fac...

  19. Produção de enzimas extracelulares por fungos associados à decomposição materiais vegetais em riachos

    National Research Council Canada - National Science Library

    Jéssica Barros Aguiar Silva; Suélen Caroline Frantz; Anelise Kappes Marques; Cristiane Martins Coelho; Paula Benevides de Morais

    2015-01-01

    ... biotecnológico por terem um largo espectro de aplicação. Objetivou-se verificar a produção das enzimas celulase e xilanase por fungos filamentosos isolados de detritos foliares alóctone em um córrego no Cerrado...

  20. RESISTÊNCIA NATURAL DE SEIS ESPÉCIES DE MADEIRAS DA REGIÃO AMAZÔNICA A FUNGOS APODRECEDORES, EM ENSAIOS DE LABORATÓRIO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ailton Teixeira do Vale

    2006-02-01

    Full Text Available O presente trabalho avaliou a resistência natural das madeiras de Aspidosperma desmanthum (Araracanga, Parinari excelsa (Parinari, Mouriri callocarpa (Miraúba, Marmaroxylon racemosum (Angelim-rajado, Peltogyne paniculata (Roxinho e Astronium sp. (Muiracatiara aos fungos causadores de podridão-branca Pycnoporus sanguineus e podridão-parda Gloeophyllum trabeum, em ensaios de laboratório. A determinação da resistência natural foi feita por meio da avaliação da perda de massa, com base na norma da American Society for Testing and Materials – Standard Method for Accelerated Laboratory Test of Natural Decay Resistance of Woods – ASTM D2017/81(86. Todas as espécies se apresentaram muito resistentes aos fungos Pycnoporus sanguineus e Gloeophyllum trabeum, exceto Aspidosperma desmanthum que mostrou ser resistente ao fungo de podridão parda. A espécie Peltogyne paniculata mostrou-se a mais resistente ao fungo Pycnoporus sanguineus, enquanto Parinari excelsa apresentou-se como a espécie de menor resistência. A maior resistência ao fungo Gloeophyllum trabeum foi observada para a madeira de Astronium sp., enquanto que a espécie Aspidosperma desmanthum se mostrou como a menos resistente.

  1. Fungos e nematóides fitopatogênicos associados ao cultivo de flores tropicais em São Luís - MA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Diogo Herison Silva Sardinha

    2012-06-01

    Full Text Available Considerando a importância do cultivo de flores tropicais no contexto nacional e internacional, buscou-se realizar um levantamento da ocorrência de fungos e nematóides associados às mesmas, em áreas de cultivos de flores tropicais em São Luís - MA. Foram realizadas visitas periódicas, em intervalos bimestrais, nos locais onde a principal atividade era o cultivo de flores tropicais, para o monitoramento e coleta de plantas ou partes de plantas das espécies: Heliconia spp., Alpinia purpurata e Etlingera elatior com sintomatologia típica de doenças. Realizou-se, ainda, o teste de patogenicidade dos principais fungos detectados como agentes causais das manchas foliares. Os resultados obtidos confirmaram a existência de fungos associados aos cultivos de flores tropicais em São Luís, com destaque para Curvularia eragrostides (78 %, Pestalotiopsis sp. (68 % e Colletotrichum gloeosporioides (47 % como agentes causais de manchas foliares em espécies da família Heliconiaceae, e Curvularia eragrostides (75 %, Pestalotiopsis sp. (37 % em espécies da família Zingiberaceae. Foram registrados oito gêneros de nematóides, tanto na família Heliconiaceae, quanto na Zingiberaceae, destacando-se o gênero Meloidogyne.

  2. Occurrence of toxigenic fungi in herbal drugs Ocorrência de fungos toxigênicos em drogas vegetais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriana Bugno

    2006-03-01

    Full Text Available The increase in the consumption of natural drugs have made their use a Public Health problem due to the possibility of access to products without adequate conditions of use. The concern with the quality of the natural products is due to the potential fungal contamination and the risk of the presence of mycotoxins. Ninety-one samples of medicinal plants were evaluated for the fungal contamination and the mycotoxigenic potential of Aspergillus and Penicillium isolated from the samples. Results indicated that predominant mycoflora was distributed in 10 genera. From these, 89.9% of the isolates corresponded to genera Aspergillus and Penicillium, which are extremely important from the mycotoxicological standpoint. 21.97% of the Aspergillus and Penicillium isolates proved to have the ability for producing aflatoxins (42.9%, ochratoxin A (22.4% and citrinine (34.7%. The presence of toxigenic moulds represents a potential risk of mycotoxin contamination and considering the worldwide increased use of herbal products as alternative medicines, it is necessary setting standards for toxigenic moulds in crude herbal drugs in order to reduce the risks for consumers' health.O aumento no consumo de produtos naturais transformou seu uso em um problema de Saúde Pública devido a possibilidade do acesso a produtos sem adequadas condições de uso. A preocupação com a qualidade dos produtos naturais é devida à potencialidade de contaminação por fungos e ao risco da presença de micotoxinas. Noventa e uma amostras de plantas medicinais foram avaliadas quanto à contaminação fungica e ao potencial micotoxigênico de Aspergillus e Penicillium isolados nestas amostras. Os resultados indicaram que a micoflora predominante esteve distribuída entre 10 gêneros. Entretanto, 89,9% dos isolados corresponderam aos gêneros Aspergillus e Penicillium, extremamente importantes do ponto de vista micotoxicológico. Verificou-se que 21,97% dos isolados de Aspergillus e

  3. EFEITO DA INOCULAÇÃO COM FUNGOS ECTOMICORRÍZICOS NA PRODUÇÃO DE MUDAS DE Eucalyptus grandis W. Hill ex MAIDEN EM SOLO ARENOSO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rodrigo Ferreira da Silva

    2002-11-01

    Full Text Available Este trabalho objetivou avaliar o efeito de diferentes inóculos e mistura de inóculos de fungos ectomicorrízicos sobre a produção de mudas de eucalipto em solo arenoso. O experimento foi desenvolvido em casa de vegetação. Os tratamentos foram quatro isolados e quatro mistura de inóculo de fungos ectomicorrízicos. Utilizou-se solo sob processo de arenização, coletado no município de São Francisco de Assis – RS. Avaliou-se a massa da parte aérea e radicular verde, massa da parte aérea seca, altura de planta, diâmetro do colo, comprimento e área superficial específica radicular, colonização micorrízica e teores de nitrogênio, fósforo e potássio. Os resultados mostraram que o isolado F2-RS (Pisolithus sp. proporcionou os maiores incrementos no desenvolvimento das mudas de eucalipto. A mistura de inóculos de fungos pode ser utilizada desde que se tenha um prévio conhecimento do efeito isolado do fungo.

  4. Hyphomycetes (fungos conidiais) associados a briófitas em decomposição

    OpenAIRE

    Grandi,Rosely Ana Piccolo; Silva,Priscila da; Vital,Daniel Moreira

    2008-01-01

    Com o objetivo de verificar quais Hyphomycetes participam da decomposição de briófitas, foram feitas coletas esporádicas de exemplares das plantas no Instituto de Botânica, Parque Estadual das Fontes do Ipiranga, São Paulo, SP e na Reserva Biológica de Paranapiacaba, Santo André, SP, de setembro/2001 a fevereiro/2006. Foram coletadas oito espécies de briófitas e aplicada a técnica da lavagem sucessiva de substratos para isolamento dos fungos. Foram identificados 17 táxons de Hyphomycetes. Os ...

  5. Fungos micorrízicos arbusculares em solos de área poluída com metais pesados

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    O. Klauberg-Filho

    2002-03-01

    Full Text Available Os fungos micorrízicos arbusculares (FMAs ocorrem de forma generalizada e formam importante simbiose com a maioria das plantas, mesmo em solos poluídos com metais pesados. Neste estudo, avaliaram-se a ocorrência e a diversidade dos FMAs em quatro locais com gramíneas em uma área de solo contaminado com metais pesados pela extração e industrialização do Zn. Verificou-se a ocorrência generalizada dos FMAs nos locais estudados, sendo esta influenciada pelas concentrações de metais no solo. Encontrou-se um total de 21 espécies, sendo: sete pertencentes ao gênero Acaulospora, seis de Scutellospora, cinco de Glomus, duas de Gigaspora e uma de Entrophospora,Glomus occultum, Acaulospora morrowiae, Acaulospora mellea, Glomus intraradices, Glomus clarum e Scutellospora pellucida foram as de maior ocorrência. A densidade de esporos, a riqueza de espécies e o aumento da dominância relacionaram-se inversamente com as concentrações de metais no solo. Acaulospora mellea, Glomus clarum e Glomus occultum dominaram as populações de esporos no solo. Concluiu-se que os metais pesados exerceram efeito diferenciado sobre os FMAs, dependendo do grau de poluição.

  6. Fungos micorrízicos arbusculares em fitofisionomias do Pantanal da Nhecolândia, Mato Grosso do Sul

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Plínio Henrique Oliveira Gomide

    2014-08-01

    Full Text Available O bioma Pantanal é reconhecido como uma das maiores extensões úmidas contínua do planeta, com fauna e flora de rara beleza e abundância. Estudos para acessar a diversidade de fungos micorrízicos arbusculares (FMA nesse ambiente são inexistentes. O objetivo deste trabalho foi avaliar a ocorrência de FMA nas diferentes fitofisionomias do Pantanal da Nhecolândia, Mato Grosso do Sul. Foram coletadas amostras de solo no período seco e chuvoso em um Neossolo Quartzarênico, em fitofisionomias sujeitas a distintos regimes de inundação: livres de inundação - Floresta Semidecídua (FS e Cerradão (CE; sujeitos à inundação ocasional - Campo limpo, predominando Elyonorus muticus (CLE e Cerrado (CC; e sujeitos à inundação sazonal - Campo limpo, predominando Andropogon spp. (CLA, borda de baias (BB e vazante/baixadas (VB. Culturas armadilhas foram estabelecidas com Brachiaria brizantha para recuperar espécies crípticas de FMA. De cada amostra de solo, foram realizadas a caracterização química do solo e extração dos esporos de FMA para determinar abundância, riqueza e identificação das espécies. Um total de 37 espécies de FMA, pertencentes a 10 gêneros e seis famílias foram detectadas nas duas estações de coleta. O número de esporos variou significativamente entre as fitofisionomias, e os maiores valores foram encontrados em CE e CLA. A maior riqueza específica foi detectada em CC (25 espécies seguida de VB e CE com 22 e 21 espécies, respectivamente. Os resultados deste estudo sugeriram que a diversidade dos FMA está relacionada com a heterogeneidade existente entre as fitofisionomias, e que características químicas do solo têm influência na estruturação das comunidades desses fungos. Considerando que o bioma Pantanal é um dos ecossistemas mais conservado do planeta, o levantamento de ocorrência de FMA realizado neste trabalho forneceu informações importantes para melhor conhecimento da biodiversidade das

  7. Detecção, transmissão e patogenicidade de fungos em sementes de angico-vermelho (Parapiptadenia rigida

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Caciara Gonzatto Maciel

    2012-12-01

    Full Text Available Angico-vermelho (Parapiptadenia rigida (Benth. Brenan é uma espécie nativa de grande valor ecológico e econômico, importante para a recomposição de áreas degradadas. O presente trabalho avaliou incidência, transmissão e patogenicidade de fungos associados a sementes de angico-vermelho de distintas procedências do Estado do Rio Grande do Sul. Para isso, utilizaram-se três amostras de sementes, com as quais realizaram-se testes de germinação, sanidade empregando-se o método do papel-filtro (PF e de plaqueamento em batata-dextrose-ágar (BDA, transmissão e patogenicidade dos fungos. A germinação das sementes de angico-vermelho variou de 63 a 91 %. Os fungos considerados potencialmente patogênicos encontrados associados as sementes de angico-vermelho foram: Alternaria sp.; Botrytis sp.; Fusarium sp.; Cladosporium sp. e Pestalotia sp.; sendo que Fusarium sp. foi detectado em todas as amostras pelo método PF, e foi transmitido via semente causando má formação do sistema radicular e dos cotilédones e tombamento de pré emergência. Sua patogenicidade foi confirmada.

  8. Eficiência simbiótica de fungos micorrízicos arbusculares em solo não fumigado, para mamoeiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A. V. Trindade

    2000-09-01

    Full Text Available Para que os fungos micorrízicos arbusculares (FMA possam ser utilizados em um programa de inoculação, é necessário que sejam capazes de apresentar eficiência simbiótica em solo que contenha populações indígenas de FMA. Com o objetivo de avaliar a eficiência simbiótica e o potencial de inoculação de fungos MA em solo não fumigado, para o mamoeiro, foi desenvolvido um experimento em condições de casa de vegetação da Embrapa Mandioca e Fruticultura, Cruz das Almas (BA, utilizando a variedade de mamoeiro Tainung nº 1. Utilizou-se amostra de um Latossolo Amarelo álico que continha 3 mg dm-3 de P disponível e que recebeu doses crescentes de P (0, 20, 40, 80 e 140 mg dm-3, combinadas com inoculação de três espécies previamente selecionadas e três isolados nativos de FMA, obtidos de agrossistema de mamoeiro. As plantas foram inoculadas com solo-inóculo no ato da repicagem e cultivadas por 50 dias, quando se determinaram a colonização, matéria seca da parte aérea e teores de nutrientes nas plantas. Todos os fungos inoculados apresentaram eficiência simbiótica em solo não fumigado, destacando-se Glomus clarum, Gigaspora margarita e isolado 29 (Gigaspora sp., que apresentaram eficiência alta. Os isolados nativos foram mais eficientes em doses mais elevadas de fósforo no solo; a eficiência esteve relacionada com a absorção de fósforo e potássio. Os fungos previamente selecionados em solo fumigado foram também eficientes em solo que continha população indígena de FMA, portanto, validando este procedimento.

  9. Produção de enzimas extracelulares por fungos associados à decomposição materiais vegetais em riachos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jéssica Barros Aguiar Silva

    2015-12-01

    Full Text Available As celulases e xilanases fúngicas, derivadas de sua habilidade degradativa e excretadas, em geral, para o meio, despertam interesse biotecnológico por terem um largo espectro de aplicação. Objetivou-se verificar a produção das enzimas celulase e xilanase por fungos filamentosos isolados de detritos foliares alóctone em um córrego no Cerrado. Os testes foram realizados com 100 cepas utilizando meio de cultura sintético contendo, como única fonte de carbono, carboximetilcelulose e xilana, para celulase e xilanase, respectivamente. Foram realizados inóculos no centro das placas e armazenadas por 4 dias em BOD a 28°C e submetido a choque térmico em estufa a 50°C por 16 horas. Para melhor visualização do halo de hidrólise as placas foram coradas com solução de vermelho congo e lavadas com solução de NaCl. Dos fungos testados 69% apresentaram resultado positivo para celulase dos quais 23% foram consideramos com potencial para aplicação em biotecnologia. Não houve resultados positivos para a produção da enzima xilanase. Os fungos testados, associados ao processo de decomposição de matéria orgânica vegetal, apresentaram produção da enzima celulase, mas não da enzima xilanase.

  10. Fungos micorrízicos arbusculares em solos da Reserva Biológica Municipal Serra dos Toledos, Itajubá/MG

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rogério Melloni

    2011-12-01

    Full Text Available A Reserva Biológica Municipal Serra dos Toledos é um importante remanescente de Mata Atlântica no sul de Minas Gerais, com elevada biodiversidade e riqueza em recursos hídricos. Estudos relacionados à qualidade de solos são necessários em planos de manejo de reservas, os quais objetivam manter ou melhorar a sustentabilidade ambiental dessas áreas. Assim, o objetivo do presente trabalho foi avaliar o potencial de inóculo de fungos micorrízicos arbusculares (MAs em amostras de solo características desta Reserva. A quantificação de propágulos desse grupo de micro-organismos, que estabelecem simbiose mutualística com a maioria das espécies vegetais é importante para a avaliação da qualidade de solos da Reserva. Foram definidas três áreas internas e uma externa à Reserva, retirando-se amostras de solo na profundidade de 0 a 10 cm, em duas épocas, inverno de 2008 e verão de 2009. As amostras foram encaminhadas ao Laboratório de Microbiologia da Universidade Federal de Itajubá para quantificação dos seguintes atributos microbiológicos relacionados aos fungos MAs: comprimentos de micélio extrarradicular ativo e total pelo método da fluorescência induzida com diacetato de fluoresceína, densidade e diversidade fenotípica (morfotipos de esporos, porcentagem e intensidade de colonização radicular. As médias dos resultados foram comparadas por Duncan 5% e submetidas à análise de multivariada. Os resultados mostraram que o potencial de inóculo de fungos MAs apresentou maior efeito das áreas que das épocas estudadas, sendo maior comprimento de micélio extrarradicular ativo e total, maior proporção de micélio ativo em relação ao total e maior diversidade de esporos obtidos nos solos dentro da Reserva Biológica Municipal Serra dos Toledos, em relação ao solo externo à mesma, sob pastagem. O potencial de inóculo não está diretamente relacionado à fertilidade do solo, ou seja, no solo externo à Reserva, sob

  11. Os fungos anemófilos e sensibilização em indivíduos atópicos em Porto Alegre, RS Airborne fungi and sensitization in atopic individuals in Porto Alegre, RS, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adelina Mezzari

    2003-09-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Identificar e caracterizar a freqüência e a concentração de esporos de fungos anemófilos em Porto Alegre. Determinar a prevalência de sensibilização a estes fungos em indivíduos atópicos. MÉTODOS: Em 52 amostras colhidas no equipamento Rotorod Sampler®, foram quantificados 3773 esporos de fungos no período de um ano (abril de 2000 a março de 2001. Em 39 pacientes atópicos com rinite e ou asma foram realizados testes cutâneos com alérgenos de fungos anemófilos e o teste fluorimunoenzimático para verificar a incidência de manifestações alérgicas provocadas por tais fungos. RESULTADOS: Em 3773 esporos de fungos encontrados foram identificados 674 (17,86% de Cladosporium sp, 567 (15,03% do grupo Aspergillus/Penicillium, 144 (3,82% de rusts, 94 (2,49% de Helminthosporium sp, 46 (1,22% de Botrytis sp, 45 (1,19% de Alternaria sp, 34 (0,90% de smuts, 33 (0,87% de Curvularia sp, 23 (0,61% de Nigrospora sp e 3 (0,08% de Fusarium sp. Também foram encontrados 1905 (50,49% de ascosporos e 145 (3,84% de basidiosporos. Não foram possíveis de serem identificados 60 (1,59% dos esporos observados. Nos 39 testes cutâneos e sorológicos realizados, resultaram em 15,38% de indivíduos atópicos sensibilizados por alérgenos de fungos em Porto Alegre. CONCLUSÕES: A ocorrência de grande número de esporos de fungos no ar em nossa cidade enfatiza a importância deste estudo sobre os fungos anemófilos, sendo eles responsáveis por 15,38% das sensibilizações alérgicas em indivíduos atópicos com manifestações de asma e ou rinite.OBJECTIVE: To identify and quantify the fungal spores in the atmospheric air of Porto Alegre and to assess sensitization to these allergens in atopic individuals suffering from rhinitis and asthma. METHODS: A total of 52 samples were obtained using a Rotorod Sampler® from April 2000 through March 20001. Allergy skin tests with anemophilous fungus allergens as well as fluorimmunoenzymatic tests were

  12. Fungos Presentes em Acículas de Pinus taeda em Estágios Iniciais de Decomposição no Campo Fungi Present on Pinus taeda Needles in Early Stages of Decomposition in the Field

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Angela Michelato Ghizelini

    2011-03-01

    Full Text Available

    A atividade da micobiota na decomposição e mineralização da matéria orgânica é importante na ciclagem de nutrientes em florestas, garantindo sua produtividade e sustentabilidade. Este estudo determinou a diversidade de fungos durante a decomposição de acículas de <em>Pinus taedaem>, em um plantio experimental com quatro anos de idade, em Três Barras, SC, Brasil. Acículas senescentes foram coletadas em árvores em novembro de 2003 e colocadas em sacolas seletivas para  microrganismos e deixadas sobre a serapilheira da floresta. O isolamento de fungos foi feito das acículas da primeira coleta (novembro de 2003 e das mantidas em sacolas, nos meses de fevereiro, maio e agosto de 2004. Fragmentos de acículas foram submetidos a 20 lavagens sucessivas em água destilada estéril e implantados em placas de petri contendo meio extrato de malte 2 %. As colônias encontradas foram purificadas, identificadas e preservadas, perfazendo um total de 1.055, pertencentes a 13 fungos: <em>Acremonium em>sp., >lternaria em>sp., <em>Cladosporium em>sp., <em>Colletotrichum p., >picoccum em>sp., <em>Fusarium em>sp., >liocladium em>sp., <em>Mucor> sp., Penicillium sp., <em>Pestalotia> sp., <em>Rhizoctonia em>sp., <em>Trichoderma em>sp. e <em>Verticillium em>sp. Os fungos <em>Trichoderma em>sp., <em>Fusarium> sp. e <em>Verticillium em>sp. foram significativamente mais freqüentes. Considerou-se que a diversidade fúngica existente é suficiente para o início da decomposição das acículas, pela presença de fungos celulolíticos.
    Knowing of the dependence between local area productivity, nutrient cycling and litter decomposition process, the knowledge of the mycobiota responsible for decomposition is the right way to obtain answers about forest’s productivity and nutrient’s demand. This study determined the fungal diversity during litter decomposition of needle

  13. Ocorrência e atividade de fungos micorrízicos arbusculares em plantios de eucalipto (eucalyptus sp. no litoral norte da Bahia, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francisco de Sousa Lima

    2013-04-01

    Full Text Available Nas últimas décadas, tecnologias alternativas vêm sendo estudadas visando tornar o cultivo do eucalipto (Eucalyptus sp. mais econômico e sustentável. Entre estas, as associações micorrízicas merecem destaque devido aos inúmeros benefícios que proporcionam às plantas hospedeiras. Este trabalho teve como objetivo avaliar a ocorrência e atividade de fungos micorrízicos arbusculares em plantios de eucalipto utilizados comercialmente pela Copener Florestal Ltda. no litoral norte da Bahia. Foi observada grande variabilidade na densidade de esporos (36,2 a 203,2 esporos em 50 g de solo, colonização micorrízica (10,6 a 57,8% e nos teores de glomalina facilmente extraível e total (0,34 a 1,92 mg g de solo-1 e 0,48 a 3,88 mg g de solo-1 nos plantios de eucalipto. Os resultados neste estudo permitiram concluir que, embora os clones apresentem suscetibilidade à micorrização em condições de campo, variações nas características do solo afetam aspectos ecológicos dos fungos micorrízicos arbusculares nos plantios de eucalipto da Copener Florestal Ltda. no litoral norte da Bahia.

  14. Fungi associated to Platypus cylindrus Fab. (Coleoptera: Platypodidae in cork oak Fungos associados ao insecto Platypus cylindrus Fab. (Coleoptera: Platypodidae em sobreiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Joana Henriques

    2009-12-01

    Full Text Available Platypus cylindrus is a pest that since the 80’s of the last century has been considered a cork oak mortality agent in Portugal. It is an ambrosia beetle that establishes complex symbioses with fungi whose role in the insect-fungus-host interaction has not been completely clarified. In order to characterize P. cylindrus associated micoflora in Portugal, fungi were isolated from different beetle organs and from its galleries in cork oak trees. Fungi of the genera Acremonium, Aspergillus, Beauveria, Botrytis, Chaetomium, Fusarium, Geotrichum, Gliocladium, Nodulisporium, Paecilomyces, Penicillium, Raffaelea, Scytalidium, Trichoderma and of the order Mucorales were identified. An actinomycete of the genus Streptomyces was also identified. Some of these genera were related for the first time to this interaction. In the present work the isolated fungi are characterized and their contribution for beetle population establishment and tree weakness is discussed.Platypus cylindrus é uma praga que desde os anos 80 do século passado tem sido referida como agente de mortalidade do sobreiro em Portugal. É um insecto ambrósia que estabelece simbioses complexas com fungos cujo papel não está completamente esclarecido na interacção insecto-fungo-sobreiro. Com o objectivo de caracterizar a micoflora associada a P. cylindrus em Portugal foram efectuados isolamentos a partir de diferentes órgãos do insecto e suas galerias em sobreiro. Identificaram-se fungos dos géneros Acremonium, Aspergillus, Beauveria, Botrytis, Chaetomium, Fusarium, Geotrichum, Gliocladium, Nodulisporium, Paecilomyces, Penicillium, Raffaelea, Scytalidium, Trichoderma e da ordem Mucorales. Foi igualmente identificado um actinomiceta do género Streptomyces. Alguns destes géneros são referidos pela primeira vez nesta interacção. No presente trabalho caracterizam-se os fungos isolados e discute-se a sua contribuição para o estabelecimento das populações do insecto e

  15. Substratos e fungo micorrízico arbuscular em mudas micropropagadas de bananeira na fase de aclimatação

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Trindade Aldo Vilar

    2003-01-01

    Full Text Available Visando a avaliar diferentes substratos na formação de mudas de bananeira e seu efeito na resposta da planta à inoculação do fungo micorrízico Gigaspora margarita, foi conduzido um experimento em estufa de aclimatação da Biofábrica CAMPO - CPA/Embrapa Mandioca e Fruticultura, Cruz das Almas, Bahia. Foram testados 13 substratos, com e sem inoculação do fungo, em plântulas na fase de aclimatação. A inoculação foi realizada no momento do transplante e, após 55 dias de cultivo, obtiveram-se dados de crescimento, nutrição mineral e colonização micorrízica. O fungo micorrízico arbuscular (FMA Gigaspora margarita colonizou intensamente e mostrou-se benéfico para o desenvolvimento das mudas de bananeira, sendo o seu efeito modulado pelo substrato de crescimento; o substrato turfa + vermiculita + 5% de esterco destacou-se entre os melhores para a formação de mudas normais e sadias, mas só quando associado à inoculação do FMA; o uso de substrato comercial Rendmax Citrus promoveu o melhor desenvolvimento das mudas, mas inibiu a colonização e o efeito da micorriza; a complementação mineral do Rendmax Citrus não se mostrou necessária para o cultivo de mudas de bananeira; o uso de vermicomposto mostrou-se promissor para a produção de mudas de bananeira, permitindo o efeito da inoculação com FMA.

  16. FUNGI INCIDENCE ON Jatropha curcas L. SEEDS INCIDÊNCIA DE FUNGOS EM SEMENTES DE PINHÃO-MANSO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Charline Zaratin Alves

    2011-07-01

    ção de recomendações de manejo de uma cultura. Dessa forma, objetivou-se determinar os patógenos associados a sementes de pinhão-manso, para possibilitar o desenvolvimento de estratégias de controle dos mesmos. Para o teste de sanidade, utilizou-se o método do papel de filtro (<em>blotter testem>, modificado com restritor hídrico NaCl - 1,0 MPa, e avaliação após sete dias de incubação, a 25ºC, com fotoperíodo de 12 horas. As sementes de pinhão-manso analisadas apresentaram alta frequência de espécies fúngicas, independentemente da desinfestação superficial das mesmas. Foram observados 19 gêneros de fungos, destacando-se <em>Alternaria alternataem>,<em> Colletotrichumem> sp., <em>

  17. Monitoramento de fungos anemófilos e de leveduras em unidade hospitalar Monitoring of airborne fungus and yeast species in a hospital unit

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Nelson Martins-Diniz

    2005-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Monitorar e caracterizar fungos anemófilos e leveduras de fontes bióticas e abióticas de uma unidade hospitalar. MÉTODOS: As coletas foram realizadas mensalmente e em dois períodos, do centro cirúrgico e unidades de terapia intensiva adulto e neonatal em hospital de Araraquara, Estado de São Paulo. Para coleta de fungos anemófilos foi utilizado amostrador tipo Andersen de simples estágio. A pesquisa de leveduras foi feita das mãos e de orofaringe de profissionais de saúde, bem como de superfícies de leitos e de maçanetas das áreas críticas. RESULTADOS: Foram recuperados do centro cirúrgico 32 gêneros de fungos anemófilos e 31 das unidades de terapia intensiva. Os gêneros mais freqüentemente isolados foram Cladophialophora spp., Fusarium spp., Penicillium spp., Chrysosporium spp. e Aspergillus spp. Durante o período de estudo, houve reforma e implantação de uma unidade dentro do hospital, que coincidiu com o aumento na contagem de colônias de Cladophialophora spp., Aspergillus spp. e Fusarium spp. Leveduras foram encontradas em 39,4% dos profissionais de saúde (16,7% das amostras dos espaços interdigitais, 12,1% do leito subungueal e 10,6% da orofaringe e, em 44% das amostras do mobiliário, com predomínio do gênero Candida (C. albicans, C. guilliermondii, C. parapsilosis e C. lusitaniae seguido por Trichosporon spp. CONCLUSÕES: Observou-se número relativamente elevado de fungos anemófilos (potencialmente patogênicos em áreas especiais e níveis expressivos de leveduras em fontes bióticas e abióticas. O monitoramento microbiológico ambiental deve ser realizado, principalmente em salas especiais com pacientes imunocomprometidos, sujeitos à exposição de patógenos do meio ambiente, assim como, advindos de profissionais de saúde.OBJECTIVE: To monitor and characterize airborne filamentous fungi and yeasts from abiotic and biotic sources within a hospital unit. METHODS: Collections were carried out on

  18. Comunidade de fungos micorrízicos arbusculares: diversidade, composição e glomalina em área revegetada com sesbânia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristiane Figueira da Silva

    2014-04-01

    Full Text Available A composição de comunidades e diversidade de fungos micorrízicos arbusculares (FMAs pode ser influenciada por diversos fatores como o clima, a biota do solo e as plantas hospedeiras. Este estudo objetivou avaliar a influência da revegetação de uma cava de extração de argila com Sesbania virgata (SV em plantios puro e consorciado com Eucalyptus camaldulensis (EC e Acacia mangium (AM, na composição e diversidade de fungos micorrízicos arbusculares (FMAs, bem como na quantidade da proteína do solo relacionada à glomalina (PSRG. O delineamento experimental utilizado foi em blocos casualizados com quatro tratamentos (plantio puro de SV - 100SV; consórcio de SV + EC - 50SV:50EC; consórcio de SV + AM - 50SV:50AM; e área degradada com vegetação espontânea - ADVE, com três repetições. A revegetação da cava de extração de argila com SV, em plantios puro ou consorciado, reduziu a abundância de esporos e a dominância de espécies (Índice de Simpson - IDS e aumentou a riqueza de espécies de FMAs e o índice de diversidade de Shannon e Wiener. Além disso, aumentou a quantidade de proteína do solo relacionada à glomalina, quando comparada a área degradada com vegetação espontânea.

  19. Influência de fungos micorrízicos-arbusculares em paricá (Schizolobium amazonicum cultivado no estado do Pará

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vanderlene Brasil Lucena

    2013-09-01

    Full Text Available Este trabalho objetivou verificar a presença e a influência de fungos micorrízico-arbusculares (FMA em plantas de Schizolobium amazonicum em plantios comerciais na região Tocantina, estado do Pará. Plantas com um ano de idade foram avaliadas em campo, sendo selecionadas as 10 mais desenvolvidas e as 10 menos desenvolvidas. Para cada planta foi medida a altura, a maior circunferência do caule e contado o número de folhas. Ao mesmo tempo, amostras de solo rizosférico foram colhidas na projeção da copa. As amostras foram analisadas quanto ao teor de matéria orgânica, pH em CaCl2 e presença de hifas, vesículas, arbúsculos e esporos nas raízes finas. Foi realizada ainda a extração de esporos do solo, por centrifugação em solução de sacarose, utilizados para inoculação de plântulas de S. amazonicum em casa de vegetação. Foram constatadas correlações positivas entre as estruturas fúngicas internas das raízes e os parâmetros medidos nas plantas em campo. Em casa de vegetação a inoculação de esporos aumentou significativamente o crescimento em altura das plântulas.

  20. ESTIMATIVA DO COEFICIENTE DE DETERMINAÇÃO GENOTÍPICA EM MAMOEIROS (Carica papaya L. INOCULADOS COM FUNGO MICORRÍZICO ARBUSCULAR

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    TRINDADE ALDO VILAR

    2001-01-01

    Full Text Available O trabalho objetivou determinar o coeficiente de determinação genotípica (b do mamoeiro (Carica papaya L. quanto à capacidade de se associar e responder ao fungo micorrízico arbuscular (FMA Gigaspora margarita. O experimento foi instalado em casa de vegetação da Embrapa Mandioca e Fruticultura, usando solo com uma dose única de fósforo (20 mg dm-3. Os tratamentos foram representados por quatro genótipos de cada um dos grupos 'Solo' e 'Formosa', mais as variedades 'Improved Sunrise Solo Line 72/12' e 'Tainung Nº 1', submetidas ou não à inoculação do fungo Gigaspora margarita. Foi utilizado um delineamento de blocos casualizados, com 4 repetições. Após a coleta dos dados, estimou-se o coeficiente "b" para os seguintes caracteres: parte aérea, comprimento de raiz, altura de planta, eficiência micorrízica e colonização. Os genótipos testados responderam à inoculação do fungo MA; os genótipos do grupo Formosa apresentaram menor comprimento de raiz; a eficiência micorrízica e a colonização radicular média para os dois grupos de plantas foram similares, situando-se em 60% e 50%, respectivamente; a inoculação aumentou a absorção de P, K e Cu, sendo esse efeito maior na variedade representante de cada grupo; o coeficiente "b" demonstrou que o melhoramento de plantas pode modular a produção de parte aérea, comprimento de raízes, altura de plantas e a eficiência micorrízica do grupo Formosa; para o grupo Solo este efeito mostrou-se mais provável para colonização radicular e menos provável para produção de parte aérea, eficiência micorrízica, comprimento de raízes e altura de plantas.

  1. Efeito da inoculação com fungos ectomicorrízicos na produção de mudas de Eucalyptus grandis W. Hill ex Maiden em solo arenoso.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rodrigo Ferreira da Silva

    2010-08-01

    Full Text Available Este trabalho objetivou avaliar o efeito de diferentes inóculos e mistura de inóculos de fungos ectomicorrízicos sobre a produção de mudas de eucalipto em solo arenoso. O experimento foi desenvolvido em casa de vegetação. Os tratamentos foram quatro isolados e quatro mistura de inóculo de fungos ectomicorrízicos. Utilizou-se solo sob processo de arenização, coletado no município de São Francisco de Assis - RS. Avaliou-se a massa da parte aérea e radicular verde, massa da parte aérea seca, altura de planta, diâmetro do colo, comprimento e área superficial específica radicular, colonização micorrízica e teores de nitrogênio, fósforo e potássio. Os resultados mostraram que o isolado F2-RS (Pisolithus sp. proporcionou os maiores incrementos no desenvolvimento das mudas de eucalipto. A mistura de inóculos de fungos pode ser utilizada desde que se tenha um prévio conhecimento do efeito isolado do fungo.

  2. Ecologia molecular de fungos patogênicos onygenales em animais silvestres do interior do estado de São Paulo

    OpenAIRE

    Pereira, Vírginia Bodelão Richini [UNESP

    2009-01-01

    A Paracoccidioidomicose (PCM) é uma micose sistêmica e a de maior ocorrência na América Latina, causada pelo fungo Paracoccidioides brasiliensis. Apesar dos esforços contínuos de diversos grupos de pesquisa principalmente do Brasil, Colômbia Venezuela e Argentina, a fase ambiental produtora de propágulos infectantes, seu nicho ecológico e outros aspectos fundamentais da biologia deste patógeno ainda representa um enigma. Sabe-se, no entanto, que há alguns indicadores biológicos onde se consta...

  3. Tolerância de fungos ectomicorrízicos a metais pesados em meio de cultura adicionado de solo contaminado

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    P. H. Grazziotti

    2001-12-01

    Full Text Available Os fungos ectomicorrízicos podem proteger a planta hospedeira da toxidez dos metais pesados. Contudo, a contaminação excessiva do solo por metais pode inibir o crescimento e a atividade destes, prejudicando a simbiose micorrízica. Avaliou-se o crescimento de nove isolados de Pisolithus tinctorius, dois de Suillus bovinus e um de Scleroderma sp. quanto ao efeito da adição de misturas de solo contaminado por Zn, Cd, Cu e Pb com areia em meio Melin-Norkrans modificado líquido, tendo sido a mistura testada em várias proporções. A adição de solo contaminado ao meio de cultura reduziu o crescimento de todos os isolados, exceto o PT-306 em meio que continha a mistura de solo-areia com baixas proporções de solo contaminado. Os isolados apresentaram grande variação intra e interespecí-fica em relação à tolerância à contaminação do meio via solo contaminado. Em geral, os isolados de P. tinctorius foram mais tolerantes que os de S. bovinus e o de Scleroderma sp., destacando-se o isolado PT-306, que foi considerado tolerante. Os demais isolados estudados apresentaram respostas variadas, mostrando-se os isolados de S. bovinus considerados, na literatura, como tolerantes a Zn, sensíveis à adição de solo contaminado ao meio. A produção de pigmentos extracelulares pelos isolados PT-306 e SB foi estimulada pela adição de solo contaminado ao meio de cultura e a maior produção de pigmentos do PT-306 pode estar envolvida com a maior tolerância deste à contaminação por metais pesados. O crescimento do isolado PT-306 aumentou com a adição da mistura solo-areia com pequenas proporções de solo contaminado ao meio de cultura. A adição de solo contaminado ao meio de cultura mostrou-se eficiente para avaliação do impacto da contaminação do solo por vários metais sobre os fungos ectomicorrízicos.

  4. Produção de mudas de goiabeira (Psidium guajava L., inoculadas com o fungo micorrízico arbuscular Glomus clarum, em substrato agro-industrial

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    SCHIAVO JOLIMAR ANTONIO

    2002-01-01

    Full Text Available Conduziu-se um experimento em casa de vegetação, com o objetivo de avaliar o crescimento de mudas de goiabeira (Psidium guajava L., produzidas em blocos prensados, confeccionados com resíduos agro-industriais, e inoculadas com o fungo micorrízico arbuscular (FMA Glomus clarum Nicolson & Schenck. O delineamento experimental utilizado foi o inteiramente casualizado, em esquema fatorial 2 x 2, sendo 2 tratamentos microbiológicos: controle e FMA; e 2 sistemas de produção de mudas: blocos prensados (nova metodologia e tubetes plásticos (tradicional, com 5 repetições. O substrato utilizado para a confecção dos blocos prensados e enchimento dos tubetes foi constituído por uma mistura de bagaço de cana-de-açúcar e torta de filtro (3:1 v/v. O FMA proporcionou aumentos significativos na produção de matéria seca, conteúdo de N e P da parte aérea da goiabeira, apenas no sistema de produção das mudas em blocos prensados. Mudas produzidas e inoculadas em blocos prensados mostraram um aumento de 88% na matéria seca da parte aérea, 82% e 89% para os conteúdos de nitrogênio e fósforo da parte aérea, respectivamente, em relação ao tratamento-controle.

  5. Redução do mal-do-panamá em bananeira-maçã por inoculação de fungo micorrízico arbuscular

    OpenAIRE

    BORGES, A.J. da S.; TRINDADE, A.V.; Matos, A. P.; PEIXOTO, M. de F. da S.

    2007-01-01

    O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito da densidade de inóculo de fungo micorrízico arbuscular (FMA) na incidência e severidade do Fusarium oxysporum f. sp. cubense (FOC) na bananeira, variedade 'Maçã', em fase inicial de desenvolvimento vegetativo. O trabalho foi realizado em três etapas, em condições de casa de vegetação, na Embrapa Mandioca e Fruticultura Tropical, Cruz das Almas, BA. Foi realizado um teste de ajuste para determinação das densidades de inóculo do FMA a serem utiliz...

  6. Comportamento de variedades paulistas de algodoeiro em solo infestado pelo fungo causador da murcha verticilar Comparative reactions of some cotton varieties to Verticillium wilt in field conditions

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edivaldo Cia

    1970-01-01

    Full Text Available Foi estudado o comportamento de variedades paulistas de algodoeiro em terreno infestado pelo fungo causador da "murcha de Verticillium", no Estado de São Paulo. As variedades IAC RM3 e IAC RM4, resistentes à Fusariose, destacaram-se em produção e apresentaram as menores porcentagens de plantas com sintomas externos da doença estudada. Os resultados sugerem que tais variedades constituem também fontes genéticas de resistência à murcha verticilar.A study was made on the reactions of the cotton varieties commonly cultivated in the State of São Paulo (Brazil to Verticillium wilt under field conditions. The effects of the disease were evaluated by determining the percentages of plants showing the symptoms of the Verticilliumwilt and by measuring the yield of each variety. The Fusarium resistant varieties IAC RM3 and IAC RM4 gave the highest yields and the lowest percentages of plants infected by Verticilliumwilt. It is suggested that these varieties might represent sources of resistance to Verticillium wilt.

  7. Alterações dos padrões de isoenzimas em sementes de milho infectadas por fungos Alteration of the isoenzymes patterns in corn seeds infected by fungi

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    EDVALDO APARECIDO AMARAL DA SILVA

    2000-09-01

    Full Text Available Este trabalho teve como objetivo estudar a interferência dos fungos Aspergillus flavus, Fusarium moniliforme e Penicillium spp. sobre padrões eletroforéticos das sementes de milho. Tais padrões são, normalmente, utilizados na identificação de cultivares e na certificação da pureza genética da espécie em estudo. Sementes da cultivar C-805 foram infectadas artificialmente com os referidos fungos; outra parte delas foi tratada com Benomil e Thiabendazol, e ainda outra parte (controle não foi tratada. As amostras foram acondicionadas em câmara de crescimento (25°C, 95% de umidade relativa por um período de 30 dias. Na análise eletroforética foi avaliada também uma amostra de sementes que não permaneceu em câmara de crescimento, visando detectar possíveis interferências das condições do ambiente de crescimento sobre os padrões eletroforéticos. Os resultados obtidos permitiram concluir que a infecção das sementes com os fungos Aspergillus flavus, Fusarium moniliforme e Penicillium spp. promove alterações nos padrões eletroforéticos das isoenzimas malato-desidrogenase, esterase, fosfatase ácida, peroxidase e glutamato-oxalacetato-transaminase. A infecção das sementes com Aspergillus flavus promove alterações tanto na intensidade como no número de bandas dos padrões isoenzimáticos da álcool-desidrogenase e malato-desidrogenase.This work aimed at studying the interference of the fungi Aspergillus flavus, Fusarium moniliforme and Penicillium spp. on the electrophoretic patterns of corn seeds. Normally, these patterns are used in the identification of cultivars and certification of genetic purity of this species. Seeds of the cultivar C-805 were artificially inoculated with the referred fungi; part was treated with Benomyl and Thiabendazole and part was untreated. All seed samples were stored in growing chamber incubator at 25°C and 95% of relative humidity for 30 days. In the electrophoretic analysis, a seed

  8. Qual seria a fonte de fungos miceliais encontrados em leite humano ordenhado? What is the source of mycelial fungi in expressed human milk?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Franz Reis Novak

    2002-06-01

    Full Text Available Caracterizou-se os gêneros de fungos miceliais encontrados em amostras de leite humano ordenhado, recebidas a partir de coleta domiciliar, pelo Banco de Leite Humano do Instituto Fernandes Figueira. Foram analisadas 821 amostras de leite humano ordenhado, obtidas ao acaso, a partir de frascos coletados nos domicílios pelas próprias doadoras, e realizadas pesquisas de bolores e leveduras e microrganismos mesófilos. As análises revelaram a ocorrência de bolores e leveduras em 43 (5,2% das amostras, com contagens atingindo a ordem de 10³UFC/ml, tendo sido isoladas 48 cepas de fungos miceliais, que foram identificadas por técnicas padrão de laboratório, como as seguintes: Aspergillus Grupo Niger (6,3%, Aspergillus sp. (4,2%, Paecilomyces sp. (12,6%, Penicillium sp. (60,4%, Rhizopus sp. (2,0% e Syncephalastrum sp. (14,5%. Discute-se a importância do controle da assepsia das mãos das doadoras, antes da coleta do leite humano.The authors characterized the genera of mycelial fungi found in samples of expressed human milk received through home collection by the Human Milk Bank of the Instituto Fernandes Figueira in Rio de Janeiro. A total of 821 samples of expressed human milk were taken randomly from bottles collected at home by the milk donors themselves and were investigated for molds, yeasts, and mesophilic microorganisms. The analyses showed the occurrence of molds and yeasts in 43 (5.2% of the samples, with counts reaching 103CFU/ml. Some 48 strains of mycelial fungi were identified by standard laboratory techniques, including: Aspergillus Niger group (6.3%, Aspergillus sp. (4.2%, Paecilomyces sp. (12.6%, Penicillium sp. (60.4%, Rhizopus sp. (2.0%, and Syncephalastrum sp. (14.5%. The authors discuss the importance of donor hands' asepsis prior to collecting human milk.

  9. Fungi of Raffaelea genus (Ascomycota: Ophiostomatales associated to Platypus cylindrus (Coleoptera: Platypodidae in Portugal Fungos do género Raffaelea (Ascomycota: Ophiostomatales associados a Platypus cylindrus (Coleoptera: Platypodidae em Portugal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Lurdes Inácio

    2008-12-01

    Full Text Available ABSTRACT In the study of the fungi associated to Platypus cylindrus, several fungi were isolated from the insect and its galleries in cork oak, among which three species of Raffaelea. Morphological and cultural characteristics, sensitivity to cycloheximide and genetic variability had been evaluated in a set of isolates of this genus. On this basis R. ambrosiae and R. montetyi were identified and a third taxon segregated witch differs in morphological and molecular characteristics from the previous ones. In this work we present and discuss the parameters that allow the identification of specimens of the three taxa. The role that those ambrosia fungi can have in the cork oak decline is also discussed taking into account that Ophiostomatales fungi are pathogens of great importance in trees, namely in species of the genus Quercus.No estudo dos fungos associados ao insecto xilomicetófago Platypus cylindrus foram isolados, a partir do insecto e das suas galerias no sobreiro, diversos fungos, entre os quais três espécies de Raffaelea. Avaliaram-se características morfológicas e culturais, sensibilidade à ciclohexamida e variabilidade genética num conjunto de isolados do género. Foram identificados R. ambrosiae e R. montetyi e segregou-se um terceiro táxone que difere em características morfológicas e moleculares dos dois anteriores. No presente trabalho são apresentados e discutidos os parâmetros que permitem identificar espécimes dos três táxones. É ainda discutido o papel que estes fungos ambrósia podem ter no declínio do sobreiro, sabido que fungos Ophiostomatales são patogénios de grande importância em plantas lenhosas, nomeadamente em espécies do género Quercus.

  10. Comportamento de cultivares de arroz irrigado em relação a fungos manchadores de sementes Performance of lowland rice cultivam to seed discoloration fungi

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jaciro Soave

    1985-01-01

    Full Text Available Em ensaios regionais instalados no ano agrícola de 1980/81, em Tremembé e Pindamonhangaba (SP, determinaram-se, em 37 cultivares de arroz irrigado, os fungos responsáveis por manchas em sementes de arroz e o comportamento desses cultivares em relação a cada fungo detectado. Amostras de sementes foram coletadas da produção total de cada parcela experimental, procedendo-se à separação visual das sementes manchadas e sem manchas e, posteriormente, aos cálculos da porcentagem de sementes manchadas e da porcentagem de perda de peso devida às manchas. Testes de patologia de sementes detectaram a presença das seguintes espécies de fungos: Alternaria sp. Cephalosporium sp., Cladosposium spp., Corynespora sp., Curvularia spp., Epicoccum spp., Fusarium moniliforme, Helminthosporium oryzae, Phoma spp., Pyricularia oryzae, Rhizoctonia solani, Rhynchosporium oryzae, Trichoconiella padwickii, Trichoderma sp. e Trichothecium sp. Diferenças altamente significativas entre o número de sementes manchadas e sem manchas foram observadas para os fungos H. oryzae, Phoma spp., R. oryzae e T. padwickii nos dois locais, patógenos então considerados os principais responsáveis pela manchas de sementes observadas. A análise conjunta das duas localidades para cada parâmetro revelou 32 cultivares com menor porcentagem de sementes manchadas do que o controle comercial, quatro cultivares com menor porcentagem de perda de peso devida às manchas, 24 com menor porcentagem de sementes com H. oryzae, seis com menor porcentagem de sementes com Phoma spp,, todos os cultivares com menor porcentagem de sementes com R. oryzae e onze com menor porcentagem de sementes com T. padwickii do que o controle comercial. Considerando todos os parâmetros avaliados na análise conjunta e obtidos para as duas localidades, concluiu-se que os cultivares PI-1291, PI-1356, PI-1377, IR 1544, P2-48, P2-S2, P2-S1-78, L-17-72 e GI-6904-6 apresentaram melhor comportamento que os demais

  11. Airborne fungi causing respiratory allergy in patients from Fortaleza, Ceará, Brazil Fungos anemófilos causando alergia respiratória em pacientes na cidade de Fortaleza, Ceará

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Everardo Albuquerque Menezes

    2004-04-01

    Full Text Available The dispersal of airborne fungi is made through atmospherical air. Knowledge of anemophilous fungi in a given city is important for the ecological diagnosis and specific treatment of allergic manifestations induced by inhaled allergens. Their use in individuals' allergy is widespread, and probably will remain so in the years to come. The purpose of this research was to make a relationship between the airborne fungi and the patients' respiratory allergy (asthma and rhinitis from the city of Fortaleza, state of Ceará, Brazil. First a research was made in Fortaleza about the fungal allergens dispersed in atmospherical air. Fungal allergen extracts were made from the ten most predominant moulds in the air, using sodium bicarbonate. The prick tests were made in fifty patients with asthma and rhinitis and in ten healthy persons (with no respiratory allergy. The positive test was made using histamine and the negative test with sodium bicarbonate preparation. The predominant fungi in the air of Fortaleza were: Aspergillus, Penicillium, Curvularia, Cladosporium, Mycelia sterilia, Fusarium, Rhizopus, Drechslera, Absidia and Alternaria. As determined by the prick test: three fungal extracts (Aspergillus, Alternaria and Drechslera were positive in all patients; two (Penicillium and Curvularia were positive in thirty-five patients; two (Cladosporium and Mycelia sterilia were positive in thirty patients; and three (Rhizopus, Absidia and Fusarium were positive in nine patients. All the control tests were negative. All the ten most predominant anemophilous fungi isolated in the air could provoke skin test reactivity in individuals with respiratory allergy in Fortaleza.Os fungos anemófilos estão dispersos no ar atmosférico. O conhecimento dos fungos anemófilos em uma cidade é importante para o diagnóstico ecológico e o tratamento específico de manifestações alérgicas induzidas pela inalação de alérgenos. Os fungos alergênicos são usados para o

  12. Patogenicidade causada pelo fungo Colletotrichum gloeosporioides (Penz em diferentes espécies frutíferas Pathogenicity caused by Colletotrichum gloeosporioides (Penz in different fruitful species

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Katiane Santiago Silva

    2006-04-01

    Full Text Available O presente trabalho teve como objetivo avaliar a patogenicidade de Colletotrichum gloeosporioides em frutos de manga, mamão, goiaba e maracujá. A inoculação do C. gloeosporioides foi feita de forma direta, fazendo um furo no fruto e colocando, em seguida, um disco de meio de cultura contendo o micélio do fungo das diferentes espécies. O delineamento experimental utilizado foi inteiramente casualizado, com 25 tratamentos, 3 repetições, sendo as avaliações realizadas por esquema fatorial de 5 x 5. Os resultados obtidos demonstram que todos os isolados apresentam patogenicidade em todas as espécies frutíferas consideradas. A goiaba é o hospedeiro que apresenta menor suscetibilidade aos diversos isolados de C. gloeosporioides. As mangas Tommy Atkins e Rosa e o mamão apresentam o maior crescimento das lesões, portanto maior suscetibilidade.The present work had as objective to evaluate the pathogenicity of C. gloeosporioides isolated from mango, papaya, guava and passion fruit. The inoculation with C. gloeosporioides was through a direct way, opening a hole on the fruit and inoculating PDA disks with a mycelium of the fungus. The control was inoculated with PDA disks without the fungus. A completely randomized blocks design was used, with 25 treatments and 3 repetitions. A factorial scheme (5 x 5 was used for evaluations. The results obtained demonstrate that all the isolated show pathogenicity in all fruit species studied. Guava is the host, which showed smaller susceptibility to the several isolated of C. gloeosporioides. Tommy Atkins and Rosa Mangoes and also papaya present larger lesions growth, therefore a larger susceptibility.

  13. Produção, caracterização e aplicação biotecnológica de pectinases produzidas pelo fungo Aspergillus oryzae cultivado em casca de maracujá-amarelo

    OpenAIRE

    Jaramillo, Paula Marcela Duque

    2014-01-01

    CAPÍTULO 1 - Como consequência da produção significativa de suco, as cascas, como um dos principais resíduos, tem se tornado um problema ambiental e para isso tem sido necessário determinar formas viáveis para transformá-las em produtos úteis ou de dispor adequadamente delas buscando um impacto ambiental positivo e um interesse econômico. O trabalho objetivou produzir, purificar parcialmente e caracterizar pectinases secretadas pelo fungo Aspergillus oryzae quando crescido em casca de maracuj...

  14. Tolerância e potencial fitorremediador de Stizolobium aterrimum associada ao fungo micorrízico arbuscular Glomus etunicatum em solo contaminado por chumbo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lucas Anjos de Souza

    2011-08-01

    Full Text Available A poluição do solo com metais pesados tem aumentado significativamente nos últimos anos, devido à ação antrópica. Diversas técnicas podem ser utilizadas para reverter ou minimizar a condição de contaminação do solo, porém muitas delas são prejudiciais ao solo. Uma alternativa é a utilização da fitorremediação, já que as plantas possuem a capacidade de absorver elementos do solo e, dessa maneira, promover sua descontaminação com teores excessivos de metais e outros elementos potencialmente tóxicos. A associação de plantas com fungos micorrízicos arbusculares (FMAs pode influenciar a absorção desses elementos. Com o objetivo de avaliar o potencial fitorremediador de plantas de Stizolobium aterrimum associadas ou não a FMAs em solos com concentrações crescentes de Pb, realizou-se um experimento sob condições de casa de vegetação, em esquema fatorial 4 x 2. Os tratamentos consistiram na adição de quatro doses de Pb (0, 250, 500 e 1.000 mg dm-3 e da inoculação ou não de FMA. Os resultados mostraram que a planta foi tolerante ao Pb nas doses utilizadas. A associação com FMA não influenciou a absorção de Pb pela planta. No entanto, a micorrização influenciou a fixação biológica de N2, observando-se maior atividade da enzima nitrogenase em plantas micorrizadas. Apesar dos bons resultados obtidos com relação à tolerância dessa planta ao Pb, mais estudos precisam ser realizados acerca da absorção desse elemento, principalmente em solo multicontaminado, que é a realidade encontrada em sistemas poluídos.

  15. Resposta à inoculação de fungo solubilizador de fósforo em milho Maize response to inoculation with P-solubilizing fungus

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    E. Nahas

    1994-12-01

    Full Text Available Este trabalho procurou verificar o efeito da adição de duas fontes de fosfato prontamente disponíveis, superfosfato triplo e fosfato solubilizado obtido por via microbiológica e uma fonte não prontamente disponível, apatita de Araxá, na cultura do milho. Em adição, foi verificado o efeito da inoculação do fungo Aspergillus niger, solubilizador de fosfato de rocha e da adição de matéria orgânica. Nos tratamentos em que se usou matéria orgânica, houve um aumento de população microbiana total do solo, mas nenhum efeito foi observado na produção e absorção de fósforo pela cultura do milho. Tanto o superfosfato triplo como a apatita de Araxá permitiram resultados mais favoráveis em termos de produção de massa seca e absorção de fósforo pelo milho em relação ao controle (sem fósforo e à utilização de fosfato solubilizado. Também não se constatou efeito da inoculação de A. niger sobre a solubilização do fosfato de rocha, possivelmente devido à interferência dos microrganismos naturais do solo. O numero de microrganismos e a atividade da fosfatase ácida foram menores no solo fertilizado com superfosfato triplo que com apatita de Araxá.This paper examined the effect of the addition of two sources of readily available phosphate, triple superphosphate and microbiologically solubilized phosphate, and of a not readily available source, Araxá apatite, on maize crop. In addition, the effects of inoculation of Aspergillus niger, a fungus that solubilizes rock phosphate, and of the addition of organic matter were examined. When organic matter was used, the total microbial population increased, but no effect was observed on phosphorus production or uptake by the maize crop. Both the triple superphosphate and Araxá apatite enhanced the production of dry matter and phosphorus uptake by maize as compared to the control (no phosphorus and to microbiologically solubilized phosphate. Also, inoculation of A. niger had no

  16. Identificação de espécies de Colletotrichum associados à antracnose em plantas de atemóia e colonização do fungo nos frutos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Carolina Firmino

    2014-12-01

    Full Text Available A atemóia é um híbrido Annona cherimola com A. squamosa. A antracnose, causada por Colletotrichum sp., é uma importante doença da atemóia, causando danos em diferentes órgãos da planta, destacando àqueles causados nos frutos, tanto na pré como na pós-colheita. Diante deste problema, o presente trabalho teve como objetivo realizar a identificação de espécies de Colletotrichum associados à antracnose em plantas de atemóia através do seqüenciamento de diferentes regiões do DNA deste fungo e acompanhar as etapas de colonização de frutos de atemóia por este fungo através de microscopia eletrônica de varredura. Após extração de DNA, foi realizado o seqüenciamento dos genes da β-tubulina e α-elongase e da região do ITS-5.8S rDNA do DNA dos fungos. Das 15 amostras sequenciadas seis foram identificadas como Colletotrichum acutatum e as outras foram identificadas como C. boninense. A espécie C. acutatum foi encontrada somente em amostras obtidas de folhas de atemóia, enquanto que a espécies C. boninense foi identificada de amostras obtidas de frutos, ramos e folhas doentes. Todas as etapas da doença ocorreram nas 48 horas, sendo que foi observada a germinação dos esporos entre duas e quatro horas após a inoculação

  17. Incidência de fungos em pós-colheita de banana 'Prata anã'(Musa AAB Incidence of mushroons in post harvest of banana (Musa spp. 'Prata Anã' (AAB

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Wilson da Silva Moraes

    2006-03-01

    Full Text Available Este trabalho teve por objetivo determinar a ocorrência e a freqüência de fungos em banana 'Prata anã' e elucidar o agente causal das podridões em pós-colheita de frutos provenientes do norte de Minas Gerais. Dois métodos de isolamento foram adotados: diluição em placas, a partir da lavagem de frutos verdes, e direto de frutos maduros. Os fungos Colletotrichum musae, Trichoderma harzianum, Fusarium equisetii, Penicillium sp. Aspergillus parasiticus, Trichothecium roseum, Colletotrichum acutatum, Alternaria sp., Cladosporium musae e Curvularia lunata foram os mais freqüentemente associados aos frutos. A patogenicidade desses fungos foi testada pela substituição de discos da casca de frutos verdes por discos de micélio. Colletotrichum musae apresentou área média lesionada em torno do ponto de inoculação igual a 5,8 cm², enquanto para os demais fungos testados não passou de 1,50 cm². Os resultados mostraram que C. musae é o agente primário das podridões dos frutos examinados com 100 % de incidência e os demais fungos limitaram-se a necrosar os ferimentos em torno do ponto de inoculação. O modo de infecção latente, causada por C. musae, parece favorecer, primeiramente, a colonização interna dos tecidos e, posteriormente, a ação dos fungos oportunistas, que aceleram as podridões nos frutos e na coroa.The objetive of this work were to determine the occurrence and frequency of fungus in 'Prata anã' banana and to elucidate the causal agent of post harvest rots on fruits from Jaíba, Minas Gerais, Brazil. Two isolation methods were used: diluition in placs from whashed green fruits and direct of mature fruits. The fungus Colletotrichum musae, Trichoderma harzianum, Fusarium equisetii, Penicillium sp., Aspergillus parasiticus, Trichothecium roseum, Colletotrichum acutatum, Alternaria sp., Cladosporium musae and Curvularia lunata were the more freqüentilly associated to fruits. The fungus pathogenicity were tested by

  18. Avaliação da diversidade genética de fungos micorrízicos arbusculares em três estádios de estabilização de dunas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A. S. Córdoba

    2002-12-01

    Full Text Available A diversidade genética de fungos micorrízicos arbusculares, recuperados de três estádios de estabilização de dunas, foi avaliada por técnicas moleculares e comparada com resultados obtidos anteriormente por técnicas baseadas na caracterização morfológica dos esporos. O uso da técnica de PCR-RFLP do rDNA, extraído de esporos, permitiu definir impressões características de espécies presentes nas dunas, evidenciar a presença de diferentes comunidades em cada estádio e identificar a anteduna como aquela com comunidades com maior polimorfismo. Esse estádio também apresentou maior diversidade, quando, no estudo das comunidades, foram utilizadas técnicas baseadas em aspectos morfológicos. A combinação de ambas as estratégias, molecular e baseada em aspectos morfológicos, forneceu importantes informações sobre a diversidade destes fungos, visando ao estudo do seu papel no ecossistema.

  19. Fungos micorrízicos arbusculares (FMAs em uma formação vegetal de restinga: ecologia e potencial para micorrizorremediação de hidrocarboneto do petróleo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ocimar Ferreira de Andrade

    2016-04-01

    Full Text Available As fontes contaminantes relacionadas à exploração, à produção, ao armazenamento, ao transporte, à distribuição e à destinação final de petróleo e seus derivados trazem riscos que ameaçam ambientes litorâneos frágeis, pouco estudados e que necessitam de atenção da comunidade científica. Por outro lado, mecanismos simbiontes fundamentais para a própria existência de inúmeras espécies vegetais e sua relação com solos contaminados permanecem desconhecidos.  Não obstante serem identificadas diversas espécies de FMAs em comunidades de solos halófilos de restinga pode-se inferir seu potencial biorremediador por estudos realizados em outros tipos de solo, mas que relatam os mesmos gêneros de fungos como participantes dos processos micorrizorremediadores de solos poluídos.  Pretende-se, aqui, destacar a aplicação de biotecnologia utilizando Fungos Micorrízicos Arbusculares (FMAs em solos impactados por diversos poluentes, entre eles os hidrocarbonetos de petróleo.

  20. Fungos micorrízicos arbusculares e adubação fosfatada em mudas de mangabeira Arbuscular mycorrhizal fungi and phosphorus supply on seedlings of mangabeira

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cynthia Maria Carneiro Costa

    2005-03-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar os efeitos de fungos micorrízicos arbusculares (FMA e da adubação fosfatada em mudas de mangabeira (Hancornia speciosa Gomes. O experimento, em casa de vegetação, utilizou delineamento inteiramente casualizado em fatorial com dois tratamentos de solo nativo oriundo de pomar com mangabeiras, desinfestado com brometo de metila e não-desinfestado, seis doses de P (3*, 3, 48, 93, 138 e 183 mg dm-3 e três tratamentos de inoculação, Gigaspora albida Schenck & Smith, Glomus etunicatum Becker & Gerdemann e controle sem inoculação, com quatro repetições. O tratamento 3* não recebeu solução nutritiva e os demais receberam solução nutritiva de Hoagland sem fósforo por ocasião da inoculação. Após 150 dias, observou-se aumento na altura, biomassa e área foliar nos tratamentos com G. albida, em solo desinfestado. Respostas à inoculação ocorreram nas mudas cultivadas com a menor dose de P, nos dois tratamentos de solo. A mangabeira mostrou-se dependente da micorrização apenas na menor dose de P em solo desinfestado. Nos demais níveis de P, a dependência variou em função do FMA e da condição do solo. A associação com G. albida proporcionou melhor desenvolvimento das mudas de mangabeira.The objective of this work was to evaluate the effects of the association of arbuscular mycorrhizal fungi (AMF and phosphorus fertilization on seedlings of "mangaba" (Hancornia speciosa. The experiment, at a greenhouse, was in a completely randomized factorial design with two treatments of the native soil from an H. speciosa orchard, fumigated with methyl bromite and non-fumigated, six doses of P (3*, 3, 48, 93, 138 and 183 mg dm-3 and three inoculation treatments, Gigaspora albida Schenck & Smith, Glomus etunicatum Becker & Gerdemann and an uninoculated control, with four replicates. The treatment 3* did not receive nutrient solution and the others received Hoagland nutrient solution without phosphorus

  1. Arbuscular mycorrhizal fungi and the occurrence of flavonoids in roots of passion fruit seedlings Fungos micorrízicos arbusculares e a ocorrência de flavonóides em raízes de mudas de maracujazeiro amarelo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Cristina Fermino Soares

    2005-08-01

    Full Text Available Composition and the role of root flavonoids in the regulation of mycorrhizal symbiosis are still poorly understood. Several flavonoids stimulate spore germination, mycelia growth and root colonization by arbuscular mycorrhizal fungi (AMF, and both root colonization and flavonoid composition are affected by plant nutritional status. Effects of AMF on the occurrence and content of aromatic secondary metabolites in the roots of passion fruit seedlings grown under two levels of phosphorus (P fertilization (10 and 50 mg kg-1 of phosphorus was studied. Seedlings were inoculated with Glomus clarum and a population of native fungi from a passion fruit plantation. Methanolic extracts of passion fruit seedlings roots were analyzed by high performance liquid chromatography (HPLC. It was recorded the occurrence of several compounds, possibly flavonoids, with seven major peaks. The root contents of the compound with a retention time of 4.5 minutes, varied in response to the root colonization by different mycorrhizal fungi, and the contents of two compounds with retention times of 3.4 and 18.9 minutes varied due to the poor plant growth and nutritional status. Passion fruit seedlings have several aromatic compounds, and their contents were correlated with root colonization by different mycorrhizal fungi, the reduced seedling growth due to nutritional stress, and/or the plant defense responses to the fungi.Os flavonóides nas raízes e seu papel na regulação da simbiose com fungos micorrízicos não são bem conhecidos. Vários flavonóides estimulam a germinação de esporos, crescimento micelial e colonização micorrízica. Ambos, a colonização micorrízica e a composição de flavonóides nas raízes são afetados pelo estado nutricional da planta. Avaliou-se o efeito de fungos micorrízicos arbusculares sobre a ocorrência e concentração de substâncias, possivelmente metabólitos aromáticos secundários pertencentes à classe dos flavonóides, em

  2. Seletividade de fungicidas cúpricos e sistêmicos sobre o fungo Cladosporium cladosporioides em cafeeiro Selectivity of cupric and systemic fungicides on Cladosporium cladosporioides in coffee plants

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sára Maria Chalfoun

    2007-03-01

    Full Text Available A ocorrência do fungo Cladosporium sp. em frutos do cafeeiro é freqüente e coincide com o período de controle de doenças desta cultura. O fungo Cladosporium sp. tem sido relatado associado a cafés de boa qualidade portanto, é importante que os fungicidas sejam seletivos aos agentes antagonistas de fungos deletérios à qualidade do café sendo o Cladosporium sp incluído neste grupo. Deste modo, o objetivo do presente trabalho foi testar a seletividade de alguns produtos utilizados visando o controle de doenças do cafeeiro sobre o fungo Cladosporium cladosporioides (Fres. de Vries. O trabalho foi desenvolvido em uma lavoura da cultivar Acaiá Cerrado MG 1474, com 6 anos de idade no espaçamento adensado de 2,0 x 0,6 m, onde foram testados produtos preventivos, a base de cobre, e sistêmico, aplicados isoladamente e associados. Foram empregados como produtos cúpricos o oxicloreto de cobre (50% de cobre metálico e Calda Viçosa comercial e como sistêmico o epoxiconazole. A avaliação da incidência de C. cladosporioides foi realizada através de notas subjetivas, em quatro épocas, registrando em porcentagem a área com crescimento fúngico sobre os frutos do cafeeiro. Verificou-se que enquanto nos tratamentos com fungicida epoxiconazole aplicado isoladamente ou associado ao fungicida cúprico o fungo apresentava-se inicialmente com baixa incidência, aumentando progressivamente a partir do mês de maio, nos tratamentos com apenas fungicidas cúpricos a incidência do fungo mostrou-se elevada desde maio, indicando não ter sido afetada e/ou mesmo favorecida por pulverizações anteriores do produto.The occurrence of Cladosporium cladosporioides on coffee fruits is frequently and coincides with the control of others diseases in coffee plants. The fungus Cladosporium sp. has been found associated with coffee of good quality; therefore, it is important to use of selective fungicides to preserve it. On the study, six years old, coffee

  3. Drosophilidae (Diptera associated to fungi: differential use of resources in anthropic and Atlantic Rain Forest areas Drosophilidae (Diptera associados a fungos: uso diferenciado de recursos em áreas antrópicas e de Mata Atlântica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marco S Gottschalk

    2009-12-01

    Full Text Available This study investigates the Drosophilidae species associated to fruiting bodies of fungi in forested and anthropized environments of the Atlantic Rain Forest Biome, in south and southeastern Brazil. We collected samples of imagoes flying over and emerging from fruiting bodies of species of five fungi families, in six collection sites. We obtained 18 samples, from which emerged 910 drosophilids of 31 species from the genera Drosophila Fallen, 1823, Hirtodrosophila Duda, 1923, Leucophenga Mik, 1886, Mycodrosophila Oldenberg, 1914, Scaptomyza Hardy, 1849, Zaprionus Coquillett, 1901 and Zygothrica Wiedemann, 1830. The Drosophila species collected on fungi, as well as Zaprionus indianus Gupta, 1970, had previously been recorded colonizing fruits, demonstrating their versatility in resource use. Most of these species belong to the immigrans-tripunctata radiation of Drosophila. Our records expands the mycophagous habit (feeding or breeding on fungi to almost all species groups of this radiation in the Neotropical region, even those supposed to be exclusively frugivorous. Assemblages associated to fungi of forested areas were more heterogeneous in terms of species composition, while those associated to fungi of anthropized areas were more homogeneous. The drosophilids from anthropized areas were also more versatile in resource use.Foi realizado um estudo das espécies de Drosophilidae associadas aos corpos de frutificação de fungos em ambientes florestais e antrópicos no Bioma Mata Atlântica, no sul e sudeste do Brasil. Foram realizadas coletas de adultos sobrevoando e emergindo de corpos de frutificação de espécies de fungos de cinco famílias, em seis pontos de coleta. Foram obtidas 18 amostras, onde foram coletados 910 indivíduos de 31 espécies, pertencentes aos gêneros Drosophila Fallen, 1823, Hirtodrosophila Duda, 1923, Leucophenga Mik, 1886, Mycodrosophila Oldenberg, 1914, Scaptomyza Hardy, 1849, Zaprionus Coquillett, 1901 e Zygothrica

  4. Crescimento de mudas de peroba rosa em resposta à inoculação com fungos micorrízicos arbusculares Growth responses of peroba rosa seedlings due to arbuscular mycorrhizal fungi inoculation

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Oswaldo Machineski

    2009-04-01

    Full Text Available O objetivo neste trabalho foi de avaliar o efeito da inoculação de fungos micorrízicos arbusculares no crescimento de mudas de peroba rosa (Aspidosperma polyneuron. O experimento foi conduzido em delineamento experimental, inteiramente casualizado, em casa de vegetação com seis repetições. Utilizou-se mistura de solo e areia (3:1, desinfestado como substrato, com os seguintes tratamentos de inoculação: Gigaspora margarita, Glomus clarum, Scutellospora heterogama, Acaulospora scrobiculata e uma mistura de fungos micorrízicos arbusculares (FMA. Após 120 dias, observou-se que a colonização micorrízica radicular foi de 28,3% a 48,4% para a mistura de FMA e para G. margarita, respectivamente. As plantas inoculadas com G. margarita e G. clarum apresentaram maior crescimento, indicando o potencial da inoculação desses fungos na produção de mudas.The aim of this study was to examine the effects of arbuscular mycorrhizal fungi (AMF inoculation on Aspidosperma polyneuron seedlings growth. The experiment was conducted under greenhouse conditions in a randomized design using a disinfected mixture of soil + sand (3:1 with the following treatments: Gigaspora margarita, Glomus clarum, Scutellospora heterogama, Acaulospora scrobiculata, a mixture of arbuscular mycorrhizae fungi (AMF and a non-inoculated control with six replicates. After 120 days of seed germination, it was observed that root colonization was from 28.3% to 48.4% for mixture of AMF and G. margarita, respectively. The plants inoculated with G. margarita or G. clarum showed higher growth than other treatments, which evidence the potential of AMF inoculation in seedlings production.

  5. Crescimento do fungo simbionte de formigas cortadeiras do gênero Acromyrmex em meios de cultura com diferentes extratos Growth of symbiont fungi of cutter ants of the genus Acromyrmex in means of culture with different extracts

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Regina da Silva Borba

    2006-06-01

    Full Text Available As formigas cortadeiras mostram preferência por algumas espécies vegetais, as quais são constantemente desfolhadas, enquanto outras não são atacadas, embora sejam abundantes e localizadas próximas ao ninho. As formigas dos gêneros Atta e Acromyrmex cortam plantas e transportam pedaços para os formigueiros. O material vegetal é usado para o cultivo do fungo Leucoagaricus gongylophorus, do qual se alimentam. Vários trabalhos utilizando extratos de plantas têm sido realizados para avaliar o efeito sobre o desenvolvimento do fungo simbionte. O objetivo deste trabalho foi avaliar a influência de meios de cultura acrescidos de diferentes extratos sobre o crescimento do fungo L. gongylophorus. Fungos das espécies Acromyrmex ambiguus, Acromyrmex crassispinus, Acromyrmex heyeri e Acromyrmex lundi foram inoculados nos meios Ágar Nutritivo e BDA, ambos acrescidos de melaço e de extratos de azevém (Lolium multiflorum Lam., tifa (Typha angustifolia L. e formiga (Atta sexdens piriventris. O meio Pagnocca foi utilizado como padrão. As placas foram mantidas em câmaras climatizadas à temperatura de 25 + 1°C e escotofase de 24 hs, por um período de 49 dias. O crescimento fúngico foi avaliado com base no diâmetro da colônia, sendo este avaliado em intervalos semanais, totalizando sete avaliações. Também foi avaliado o peso seco do fungo aos 53 dias. Os resultados mostraram que o fungo cultivado por diferentes espécies de formigas tem crescimento diferenciado em meios de cultura com diferentes extratos.The cutter ants show preference for some vegetable species, which are constantly defoliated, while others are not attacked, although they are abundant and located close to the nest. The ants of the goods Atta and Acromyrmex cut plants and they transport pieces to the anthills. The vegetable material is used for the cultivation of the mushroom Leucoagaricus gongylophorus, mushroom from of which theyfeed. Several works using extracts of

  6. Aspectos relacionados à presença de fungos toxigênicos em uvas e ocratoxina A em vinhos Aspects related to the presence of toxigenic fungi in grapes and ochratoxin A in wines

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliane Elisa Welke

    2009-11-01

    Full Text Available A colonização dos Aspergillus da secção Nigri nas uvas durante o cultivo é a principal fonte de ocratoxina A (OTA nos vinhos. A. carbonarius e A. niger são os principais produtores desta micotoxina em uvas e são fungos oportunistas que, se desenvolvem, principalmente, nas bagas danificadas durante seu amadurecimento. A produção de OTA em uvas é influenciada pelas condições climáticas e áreas geográficas, bem como pela variedade de uva, pelo sistema de cultivo e pelos danos causados nas uvas por insetos, infecção fúngica ou excesso de irrigação e chuva. As medidas para o controle de fungos toxigênicos devem considerar esses pontos críticos de controle. A OTA presente nas uvas é transferida para o vinho durante o processo de vinificação, sendo que um aumento na concentração de OTA ocorre após a maceração das uvas. Durante o envelhecimento do vinho, observa-se que a toxina permanece estável, pois a mesma concentração de OTA é encontrada no vinho após um ano de armazenamento. Boas práticas de produção, como, por exemplo, a seleção e separação dos cachos de uva com desenvolvimento fúngico visível auxilia, consideravelmente, na redução dos níveis de contaminação por fungos produtores de OTA, bem como dos níveis dessa micotoxina nos vinhos.The infection of grapes by 'black aspergilli' in the field is the main source of ochratoxin A (OTA in the wine. Aspergillus carbonarius and A. niger fungi are the main producers of this mycotoxin in grapes. They are opportunistic fungi that develop mainly on damaged berries at ripening. The production of OTA in grapes is influenced by climatic conditions, geographical location, grape varieties, crop system, berries damage caused by insets, fungal infection or excessive irrigation and rainfall. Control measures for toxigenic mycoflora in the vineyards must consider these critical control points. OTA in grapes is transferred to wine during vinification and an increase

  7. Alterações gastrointestinais em pacientes com câncer colorretal em ensaio clínico com fungos Agaricus sylvaticus Gastrointestinal alterations in patients with colorectal cancer on clinical trial supplemented with Agaricus sylvaticus fungus

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renata Costa Fortes

    2010-03-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: Fungos medicinais podem normalizar a função intestinal, aumentar o apetite e reduzir os efeitos adversos do tratamento convencional do câncer. OBJETIVO: Avaliar as alterações gastrointestinais de pacientes com câncer colorretal em fase pós-operatória após suplementação dietética com fungos Agaricus sylvaticus. METODOLOGIA: Ensaio clínico randomizado, duplo-cego, placebo-controlado, realizado no Hospital de Base do Distrito Federal. Amostra constituída de 56 pacientes (24 homens e 32 mulheres, estádios I, II e III, seguindo determinados critérios de inclusão e exclusão, separados em grupos placebo e Agaricus sylvaticus (30mg/kg/dia e acompanhados por um período de seis meses. Para avaliar as alterações gastrointestinais foram utilizados um formulário-padrão e uma anamnese dirigida-padrão. O método de análise dos resultados foi qualitativo e descritivo, utilizando os programas Microsoft Excel 2003 e Epi Info 2004 para Windows, versão 3.3.2. RESULTADOS: Após seis meses de tratamento, observou-se, no grupo Agaricus sylvaticus, aumento do apetite e redução da constipação, diarréia, diarréia alternada com constipação, flatulência, retenção de flatos, pirose, plenitude pós-prandial, náuseas, distensão e dor abdominais, fatos não observados no grupo placebo. CONCLUSÃO: Os resultados sugerem que a suplementação dietética com fungos Agaricus sylvaticus é capaz de melhorar as alterações gastrointestinais de pacientes no pós-operatório de câncer colorretal, promovendo melhoria na qualidade de vida desses pacientes.INTRODUCTION: Medicinal fungus may normalize intestinal function, increase appetite and reduce adverse effects caused by conventional cancer treatment. OBJECTIVE: To evaluate the gastrointestinal alterations of patients with colorectal cancer in post-operative phase after dietary supplementation with Agaricus sylvaticus fungus. METHODOLOGY: Randomized, double-blind, placebo

  8. Fungos conidiais em Euterpe oleracea Mart. (açaizeiro na Ilha do Combu, Pará-Brasil Conidial Fungi on Euterpe oleracea Mart. on Combu Island, Pará, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carla Corrêa de Castro

    2012-12-01

    Full Text Available O trabalho teve como objetivo investigar a ocorrência de fungos conidiais (hyphomycetes associados à decomposição de material vegetal morto de Euterpe oleracea Mart. (açaizeiro na Área de Proteção Ambiental da ilha do Combu, município de Belém, Pará. Entre agosto de 2008 e abril de 2009, foram coletadas partes em decomposição de palmeiras de E. oleracea e mantidas em câmara-úmida durante sete dias. As estruturas reprodutivas dos fungos foram retiradas e montadas em lâminas semipermanentes para o estudo morfológico em microscopia óptica. O presente trabalho contém descrições, comentários, distribuição geográfica e ilustrações dos novos registros para o Brasil. Como resultados deste estudo foram identificados 45 táxons de hifomicetos. Todos são novos registros para a área de estudo, destes 11 representam novos registro para o Brasil e 12 para a Amazônia brasileira.The objective of this study was look for conidial fungi (hyphomycetes associated with decomposing, dead vegetative material of Euterpe oleracea Mart. collected on Combu Island (Belém, Pará, an environmentally protected area. From August 2008 to April 2009, decomposing parts of E. oleracea were collected and kept in a moist chamber for seven days. Somatic and reproductive fungal structures were extracted from the substrate and mounted on semi-permanent slides for morphological study using optical microscopy. This paper includes descriptions, comments, geographical distributions and illustrations of new records for Brazil. All these records are new for the study area, 11 are new records for Brazil, and 12 are new for the Brazilian Amazon.

  9. Control of Strongyloides westeri by nematophagous fungi after passage through the gastrointestinal tract of donkeys Controle de Strongyloides westeri por fungos nematófagos após trânsito gastrintestinal em jumentas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliana Milani Araujo

    2012-06-01

    Full Text Available Strongyloides westeri is the most prevalent nematode among equines aged up to four months and causes gastrointestinal disorders. The objective of this study was to observe the control of infective S. westeri larvae (L3 by the nematophagous fungi Duddingtonia flagrans (AC001 and Monacrosporium thaumasium (NF34 after passage through the gastrointestinal tract of female donkeys. Twelve dewormed female donkeys that were kept in stables were used. Two treatment groups each comprising four animals received orally 100 g of pellets made of sodium alginate matrix containing a mycelial mass of either D. flagrans (AC001 or M. thaumasium (NF34. The control group consisted of four animals that received pellets without fungus. Feces samples were then collected from the animal groups at different times (after 12, 24, 48 and 72 hours. These feces were placed in Petri dishes containing 2% water-agar medium and 1000 L3 of S. westeri. AC001 and NF34 isolates showed the ability to destroy the L3, after gastrointestinal transit, thus demonstrating their viability and predatory activity.O Strongyloides westeri é o nematóide de maior prevalência entre equídeos com idade até quatro meses, causando distúrbios gastrintestinais. O objetivo do presente trabalho foi observar o controle de larvas infectantes (L3 de Strongyloides westeri pelos fungos nematófagos Duddingtonia flagrans (AC001 e Monacrosporium thaumasium (NF34 após trânsito gastrintestinal em jumentas. Foram utilizadas 12 jumentas, estabuladas e previamente vermifugadas. A seguir, dois grupos tratados, contendo cada um 4 animais receberam por via oral 100 g de péletes em matriz de alginato de sódio, contendo massa miceliana dos fungos D. flagrans (AC001 ou M. thaumasium (NF34. O grupo controle foi constituído de 4 animais que receberam péletes sem fungo. A seguir, amostras de fezes dos grupos de animais foram coletadas em distintos intervalos de horas (12, 24, 48 e 72. Essas fezes foram vertidas em

  10. Crescimento de Milhos Transgênico (Bt e Não Transgênico Inoculados com Fungos Micorrízicos Arbusculares em Solo Contaminado por Cádmio

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Paula Del Ducca

    2015-10-01

    Full Text Available RESUMO Com o crescimento populacional, aumenta-se a necessidade da produção de alimentos; paralelamente, observa-se o uso indiscriminado de fertilizantes e incorporação de plantas transgênicas no sistema produtivo. O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito do cádmio no crescimento de milho transgênico Bt e não transgênico, inoculados com fungos micorrízicos arbusculares em condições controladas. Para isso, instalou-se um experimento em esquema fatorial 5 × 4 × 2, sendo cinco doses de Cd (0; 28,5; 71,50; 142,50; e 285 mg kg-1Cd, inoculação individual de espécies de fungos micorrízicos arbusculares - FMAs (Glomus clarum, Acaulospora scrobiculatae Scutellospora heterogama e um controle não inoculado; duas cultivares de milho Monsanto, DKB-390 (Bt e DKB-S, e três repetições por tratamento, totalizando 120 unidades experimentais compostas de recipientes plásticos de 500 mL cada. O experimento foi conduzido por 45 dias, avaliando-se, em seguida, atributos relacionados ao crescimento vegetativo e de colonização micorrízica. As doses de Cd não influenciaram o crescimento de milho transgênico Bt e não transgênico, independentemente da inoculação de FMAs. O milho transgênico Bt não respondeu à inoculação, com colonização micorrízica entre 14 e 33 %, quando comparada a do milho não transgênico, entre 32 e 74 %.

  11. Fungos micorrízicos arbusculares em seringueira em latossolo amarelo distrófico da amazônia ocidental Arbuscular mycorrhizae fungi, growth and nutrient content in rubber plants in a xanthic ferrasol of western amazon

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Larissa Alexandra Cardoso Moraes

    2010-06-01

    Full Text Available A colonização radicular com fungos micorrízicos arbusculares (FMA pode aumentar a eficiência no crescimento e absorção de nutrientes pelas plantas. Com o objetivo de verificar esse efeito, foram avaliados o grau de colonização em seringais adultos cultivados em Latossolo Amarelo distrófico e a eficiência de seis FMAs na colonização, crescimento e estado nutricional de mudas de seringueira com três e seis meses de transplantio. Os resultados indicaram baixo grau de colonização micorrízica e número de esporos em seringal adulto. Seis meses depois do transplantio das mudas de seringueira foram suficientes para ocorrer colonização de FMAs detectável. Não houve aumento no incremento em altura, diâmetro e emissão de folhas, independentemente do inóculo utilizado. Os teores foliares de nutrientes (N, P, K, Ca, Mg, Cu, Fe, Mn e Zn também não foram influenciados pelo número de esporos e grau de colonização, havendo diferenças apenas em função da idade das plantas.The infection roots with arbuscular mycorrhizal fungi (AMF can increase the efficiency in growth and nutrients uptake of plants. With the objective to verify this effect, the degree of colonization in rubber tree plantation cultivated in a Xanthic Ferralsol (dystrophic Yellow Latosol and the efficiency of six AMF in colonization, growth and nutritional status of rubber tree seedlings were evaluated, with three and six months of transplanting. The results showed a low level of mycorrhizal infection and number of spores in adult rubber tree. Six months of transplanting of rubber tree seedlings were sufficient detectable AMFs infection. There was no increase in height, diameter and number of leaves. The foliar nutrients concentration (N, P, K, Ca, Mg, Cu, Fe, Mn and Zn were also not influenced by the number of spores and infection degree, with only differences by age of the plants (three and six months of transplanting.

  12. Ocorrência de fungos toxigênicos e micotoxinas em erva-mate (Llex paraguariensis St. Hil. var. paraguariensis) comercializada em Santa Cataria

    OpenAIRE

    Lang, Rosalyne Marcele

    2005-01-01

    Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Agrárias. Programa de Pós-Graduação em Ciência dos Alimentos. Foram coletadas 42 amostras de erva-mate adquiridas em estabelecimentos comerciais no período de novembro/2003 a janeiro/2004 nas regiões Oeste, Serrana, Norte e Sul de Santa Catarina nas quais foi analisada a microbiota fúngica, a presença de espécies produtoras de micotoxinas e a presença de aflatoxinas, ocratoxinas e fumonisinas. Quanto à cont...

  13. RESISTÊNCIA A FUNGICIDAS DE Botrytis cinerea Persoon ex Fries, FUNGO CAUSADOR DE TOMBAMENTO EM MUDAS DE Eucalyptus sp. EM VIVEIROS FLORESTAIS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lísias Coelho

    2003-09-01

    Full Text Available A ocorrência de isolados de Botrytis cinerea Persoon ex Fries, agente causal do tombamento em mudas de Eucalyptus spp., resistentes aos fungicidas sistêmicos benomil, procimidone e thiabendazole, foi avaliada verificando-se o efeito de doses crescentes dos fungicidas sobre o desenvolvimento micelial e a germinação de conídios do referido fitopatógeno. Os experimentos foram conduzidos em laboratório da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM. Os tratamentos foram constituídos de quatro dosagens de cada fungicida (dose zero, meia dose, dose inteira e dose dupla. As análises foram realizadas sobre os valores de crescimento micelial obtidos no quinto dia, quando a testemunha atingiu o máximo crescimento, e 24 e 48 horas, para a verificação da percentagem de germinação de conídios. Para avaliação da resistência, compararam-se os resultados obtidos em dois isolados de B. cinerea, um proveniente de um viveiro comercial no Rio Grande do Sul (IB-1 e outro isolado (IB-2, obtido junto ao Departamento de Fitotecnia da UFSM. Os resultados mostraram que o isolado IB-1 cresceu e germinou sob todas as concentrações de benomil, enquanto o isolado IB-2 foi inibido em todas as concentrações, indicando que o primeiro isolado é resistente a benomil.

  14. Colonização e lesão em fêmeas ingurgitadas do carrapato Rhipicephalus sanguineus causadas pelo fungo Metarhizium anisopliae Colonization and lesions on engorged female Rhipicephalus sanguineus, caused by Metarhizium anisopliae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcos Valerio Garcia

    2004-10-01

    Full Text Available O presente trabalho teve como objetivo verificar a forma de penetração do fungo Metarhizium anisopliae [METSCH. (SOROKIN, 1883] em carrapatos da espécie Rhipicephalus sanguineus (LATREILLE, 1806, assim como as lesões infringidas nos tecidos internos do ácaro. A forma de aderência e penetração do fungo foi estudada através da microscopia eletrônica de varredura e a ação do fungo nos tecidos internos avaliada em secções histológicas convencionais. Para observação destes eventos, realizaram-se infecções experimentais em 11 grupos de fêmeas ingurgitadas do carrapato R. sanguineus contendo 12 fêmeas ingurgitadas cada. Para tal, as fêmeas ingurgitadas foram banhadas durante 3 minutos, sob agitação manual, em suspensão com concentração 108 conídios/mL. No caso dos grupos controle o banho foi realizado apenas no veículo da suspensão. Os carrapatos foram processados para histopatologia e microscopia eletrônica em diversos tempos após a infecção, a saber: 1 e 18h, e um, dois, três, quatro, cinco, seis, sete, nove e onze dias. Observou-se que a maior parte dos conídios germinou em até 18h após a inoculação e que o fungo penetrou no ácaro através do tegumento 48h após a infecção. Após a penetração, o fungo invadiu o corpo do hospedeiro promovendo uma colonização difusa, sem preferência aparente por tecidos específicos. Dentre as lesões nos tecidos internos do ácaro, ressalta-se o rompimento da parede intestinal e vazamento do conteúdo para a hemocele. A morte do hospedeiro ocorreu entre 96 e 120h pós-infecção, e a esporulação do patógeno sobre o cadáver do ácaro iniciou-se em torno de 120 a 144h pós-infecção. Espera-se, com este trabalho, contribuir para o desenvolvimento e viabilização de técnicas de controle biológico dos carrapatos por fungos como alternativa ao uso de acaricidas.The objective of this work was to verify the penetration of the fungus Metarhizium anisopliae [METSCH

  15. Distribution of the endophytic fungi community in leaves of Bauhinia brevipes (Fabaceae Distribuição da comunidade de fungos endofíticos em folhas de Bauhinia brevipes (Fabaceae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mariana Patrícia Amorim Hilarino

    2011-12-01

    Full Text Available Endophytic fungi represent large, yet unexplored components of biodiversity. This work evaluated the richness and the distribution of endophytes in the leaves of Bauhinia brevipes (Fabaceae. A total of 1110 colonies were recovered from the samples and grouped by their morphological traits into 126 taxa. The total number of taxa according to leaf development was: 102 in mature leaves, 93 in recently expanded leaves and 79 for unfolded leaves. The major endophyte genera were Phomopsis, followed by Dothiorella, Pestalotiopsis and Acremonium. The richness and the isolate numbers of endophytes were not statistically affected by leaf region. However, some taxa were leaf-age specific; six were isolated only from unfolded leaves, nine from recently expanded leaves and 17 were exclusively found in mature leaves. The composition of endophytes varied with leaf region; the similarities (Jaccard's Index among the leaf regions of different leaf ages ranged from 0.36 to 0.46, indicating a high spatial variation in the community of endophytic fungi inside the leaves. The high richness of endophytes in this host plant highlights a significant contribution of fungi to tropical biodiversity and the need for further research in this area.Fungos endofíticos representam um grande e ainda pouco explorado componente da biodiversidade. O trabalho avaliou a riqueza e a distribuição endofítica nas folhas de Bauhinia brevipes (Fabaceae. Foram obtidas 1110 colônias que foram agrupadas, por suas características morfológicas em 126 táxons. O número total de táxons por estágio foliar foi: 102 em folhas maduras, 93 em folhas recém-expandidas e 79 em não expandidas. O principal gênero de endofítico encontrado foi Phomopsis, seguido por Dothiorella, Pestalotiopsis e Acremonium. A riqueza e o número de isolados não foram estatisticamente influenciadas pela região foliar. Contudo, alguns táxons foram específicas de um estágio foliar; seis foram isoladas apenas

  16. Control of Meloidogyne enterolobii in guava seedlings with mycorrhizal fungi isolated from Bahia Savanna = Controle de Meloidogyne enterolobii em mudas de goiabeira com fungos micorrízicos isolados do Cerrado baiano.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aracy Camilla Tardin Pinheiro

    2014-12-01

    Full Text Available The nematode Meloidogyne enterolobii causes severe damage to guava tree, being a limiting factor to production. Arbuscular mycorrhizal fungi (AMF can impair the development of some species of plant parasitic nematodes by reducing oviposition and the number of galls in the roots of infected plants. The present research aimed to evaluate the potential of AMF, isolated from soils of native savanna, in reducing the infectivity of M. enterolobii in guava tree seedlings. For this purpose, an experiment was conducted in a greenhouse in randomized block design with eight replications, in which we evaluated the percentage of mycorrhizal colonization, the number of galls and eggs of the mentioned nematode per gram of root, in the presence of eight different fungal isolates, and the control without the presence of the fungus, in the guava tree. All AMF isolates from the savanna were effective on root colonization, reduced the number of nematode’s galls and affected their reproduction; however, the degree of root colonization by mycorrhizal fungi, alone, is not indicative of infectivity control of this pathogen, since some isolates showing increased colonization were less effective in reducing it, so that the evaluated AMF isolates differed regarding the efficiency in reducing the reproduction of M. enterolobii in guava tree seedlings. = O nematoide Meloidogyne enterolobii causa severos danos à goiabeira, sendo um fator limitante à produção. Os fungos micorrízicos arbusculares (FMA podem prejudicar o desenvolvimento de algumas espécies de nematoides fitoparasitos, reduzindo a ovoposição e o número de galhas no sistema radicular de plantas infectadas. Com o presente trabalho, objetivouse avaliar o potencial de FMA, isolados de solos de cerrado nativo, em reduzir a infectividade de M. enterolobii em mudas de goiabeira. Para tanto, foi conduzido um experimento em casa de vegetação, em blocos casualizados com oito repetições, no qual se avaliou a

  17. Isolamento de fungos degradadores de carbendazim

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Célia Maria Maganhotto de Souza Silva

    1999-07-01

    Full Text Available Os fungicidas sistêmicos do grupo dos benzimidazóis são amplamente utilizados no controle de muitas doenças de plantas, tanto no solo como na parte aérea, e isso tem sido causa de contaminação ambiental. A ação de alguns microorganismos contribui para degradação e perda da atividade biológica desses fungicidas, podendo reduzir, dessa forma, o risco de impactos negativos. O objetivo deste trabalho foi selecionar fungos com potencial para degradar benomil e seu produto de hidrólise, carbendazim, e quantificar o potencial de degradação. Fungos foram isolados de três diferentes solos da região de agricultura irrigada do município de Guaíra, SP, com histórico de aplicação intensiva de fungicidas benzimidazóis. Dentre os fungos isolados, Alternaria alternata foi a linhagem menos afetada pelo aumento na concentração de benomil no meio de cultura. Na concentração máxima (100 mig mL-1 a inibição da taxa de crescimento de A. alternata foi 22%, enquanto nas demais linhagens foi superior a 45%. Em meio de cultura líquido suplementado com carbendazim, a taxa de crescimento em biomassa de A. alternata foi 43% maior do que a no meio sem carbendazim, o que indica o consumo do fungicida como fonte de carbono. A. alternata degradou rapidamente o fungicida, chegando a 66,21% de desaparecimento do produto em dois dias. A meia-vida de carbendazim nessas condições foi de 1,16 dias.

  18. Necrotrophic fungi associated with epidermal microcracking caused by chilling injury in pickling cucumber fruit Fungos necrotróficos associados à microfissura epidérmica causada pelo frio em pepinos em conserva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juan Antonio Martínez

    2007-04-01

    Full Text Available The objective of this work was to visualize the association between microcracking and other epidermal chilling injury symptoms, and to identify rots in cucumber fruit (Cucumis sativus L. by scanning electron microscopy (SEM. Depressed epidermal areas and surface cracking due to damages of subepidermal cells characterized the onset of pitting in cucumber fruit. The germination of conidia of Alternaria alternata, with some of them evident on the fractures in the cultivar Trópico, occurred after damaging on the epidermis. Before, the chilling injury symptoms became visible, Stemphylium herbarum conidia germinated, and mycelium penetrated through the hypodermis using the microcracks as pathway. In the cultivar Perichán 121 the fungus was identified as Botrytis cinerea.O objetivo deste trabalho foi visualizar a associação entre microfissuras e outros sintomas na epiderme, induzidos pelo frio, e identificar as podridões de pepino (Cucumis sativus L. por microscopia eletrônica de varredura. O início do desenvolvimento da lesão em pepino é caracterizado por depressões epidérmicas e pelo fendilhamento superficial, provocado pelo colapso das células subepidérmicas. A germinação dos conídios de Alternaria alternata, localizados nas fendas de pepino cultivar Trópico, ocorreu após o início do desenvolvimento dos sintomas dos danos, causados pelo frio, na epiderme do fruto. A germinação dos conídios de Stemphylium herbarum e a penetração do micélio na hipoderme pelas microfissuras ocorreram antes de os sintomas dos danos causados pelo frio se tornarem visíveis. Na cultivar Perichán 121 observou-se o fungo Botrytis cinerea.

  19. Mecanismo de infecção do fungo Metarhizium anisopliae no carrapato Boophilus microplus em condições experimentais The penetration of the fungus Metarhizium anisopliae on Boophilus microplus in experimental conditions

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vânia Rita Elias Pinheiro Bittencourt

    1999-06-01

    Full Text Available O objetivo do presente trabalho foi avaliar o mecanismo de penetração do fungo Metarhizium anisopliae em Boophilus microplus em condições experimentais. As infecções foram realizadas utilizando amostra de M. anisopliae isolada de carrapatos. A suspensão de conídios do fungo foi preparada utilizando água destilada e espalhante adesivo Tween 80 e foi quantificada na concentração de 10(8 conídios/ml. As fêmeas ingurgitadas foram banhadas nesta suspensão durante cinco minutos e, após este período, foram levadas à câmara climatizada. Três dias após a infecção, as fêmeas foram fixadas utilizando tetróxido de ósmio e glutaraldeído, posteriormente desidratadas em bateria de álcool etílico com acetona. Após a desidratação, esse material foi levado à metalização e ao microscópio eletrônico de varredura, onde se observou a fixação dos conídios na cutícula das fêmeas, havendo germinação e a dilatação da extremidade do tubo germinativo em todas as amostras. Esta dilatação observada foi devido à formação do apressório, apesar de não ser possível observar esta estrutura sobre a cutícula das fêmeas ingurgitadas. O tetróxido de ósmio mostrou ser um excelente fixador para fungos, enquanto o glutaraldeído mostrou ser eficiente na fixação do artrópode. Conclui-se que a forma principal de penetração deste entomopatógeno em B. microplus é através da cutícula. Cabe aqui frisar que esta é a primeira vez que é descrito o mecanismo de penetração de M. anisopliae em carrapatos.The objective of the present communication has been to draw attention to the mode of penetration of the fungus Metarhizium anisopliae through the cuticle of Boophilus microplus under experimental conditions. Samples of M. anisopliae isolated from naturally infected ticks were used to prepare a suspension of 108 conidia/ml in a destilled water with 2% of Tween 80. The engorged females were submergged in this suspension for five

  20. Metodologia de inoculação de fungos causadores da podridão peduncular em mamão Inoculation methodology's of papaya fruits with fungi causing stem-end-rot

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Flávia Andrea Nery-Silva

    2007-10-01

    Full Text Available A podridão peduncular, uma das principais doenças associadas à pós-colheita do mamão (Carica papaya L., tem sido pouco investigada no que se refere a aspectos ecológicos e epidemiológicos nas condições brasileiras. Para que estudos sejam conduzidos nas referidas áreas é necessário que se disponham, a priori, de metodologias adequadas que permitam a reprodução dos sintomas dessa doença em condições de laboratório. No presente trabalho, o objetivo foi estabelecer um método de inoculação de frutos de mamão com o intuito de se reproduzir os sintomas da podridão peduncular, por meio de três procedimentos: 1 corte do pedúnculo seguido por deposição de um disco de micélio do fungo; 2 deposição de suspensão de conídios na região do pedúnculo, seguido por ferimento, e 3 aplicação de suspensão de conídios na região peduncular sem ferimento. Foram utilizados os fungos: Phoma caricae-papayae, Colletotrichum gloeosporioides, Botryodiplodia theobromae e Fusarium solani, sendo os frutos inoculados, submetidos a temperaturas de 20 e 25ºC. Os resultados indicaram que não houve efeito das temperaturas testadas no desenvolvimento dos fungos, nos diferentes métodos de inoculação. A maior severidade da podridão peduncular (notas de 1 a 5 foi observada em frutos inoculados pelo método de injeção no pedúnculo, independente do patógeno utilizado. Os fungos C. gloeosporioides e P. caricae-papayae foram os que apresentaram as maiores médias de severidade da doença seguido por B. theobromae e F. solani.The stem-end-rot, one of the major post-harvest diseases in papaya (Carica papaya L., has not been very well investigated concerning ecological and epidemiological aspects of the Brazilian conditions. So that studies can be developed in the referred to areas, it is necessary to use the right methodologies that allow the reproduction of the symptons of this disease in laboratory conditions. This study aimed to stablish a

  1. FILAMENTOUS FUNGI ISOLATED FROM LEAVES IN DECOMPOSITION IN THE GUARAPIRANGA RESERVOIR, SÃO PAULO, SP = FUNGOS FILAMENTOSOS ISOLADOS DE FOLHAS EM DECOMPOSIÇÃO NA REPRESA DE GUARAPIRANGA, SÃO PAULO, SP

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sâmia Maria Tauk-Tornisielo

    2007-01-01

    Full Text Available In this study, the mycota diversity of decomposing leaves was surveyed from seven bimonthly collections (August/1997 to ugust/1998 in the terrestrial and aquatic environments in six collection stations along the borders of the Guarapiranga reservoir, in São Paulo, SP. The fungi isolation was carried out using the leaf disk washing technique, followed by plating on culture media (Potato dextrose agar. Macro and micronutrients were determined in the remaining aliquots of the leaves, and during the collections, parameters such as pH, conductivity, dissolved oxygen (OD and water temperature were also determined. The fungi associated with the decomposing leaves of the terrestrial (46 taxa and aquatic (54 taxa environments presented high similarity (68% between them. The mycota included cosmopolite fungi groups, with predominance of Penicillium, Fusarium, Trichoderma and Pestalotiopsis species. The possible influence of climatic factors was different in the two environments. Three antropic effects on the leaf nutrient content were observed, as well as on the fungi diversity and quantity: the dumping of organic pollutants, copper sulfate application in the water, and the vegetation modification of the reservoir. = No presente estudo, são apresentados os resultados sobre o levantamento da diversidade da micota das folhas em decomposição, de sete coletas bimestrais (agosto de 1997 a agosto de 1998 em ambientes terrestre e aquático localizados nas seis estações de coleta às margens da Represa do Guarapiranga, no município de São Paulo, SP. O isolamento dos fungos foi realizado através da técnica de lavagem de discos de folhas que foram plaqueados em meio de cultura (batata-dextrose-ágar, BDA. Macro e micronutrientes foram determinados nas alíquotas remanescentes das folhas, e durante as coletas foram determinados o pH, condutividade, oxigênio dissolvido (OD e a temperatura da água. Os fungos associados às folhas em decomposição do

  2. Controle biológico de nematóides gastrintestinais de caprinos em clima semi-árido pelo fungo Monacrosporium thaumasium Biological control of gastrointestinal nematodes of goats in semiarid climate by Monacrosporium thaumasium

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jackson Victor de Araújo

    2007-08-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar a viabilidade do fungo nematófago Monacrosporium thaumasium, no controle de larvas infectantes de nematóides gastrintestinais de caprinos em campo, no Semi-Árido cearense. Uma área de 20 ha, com pasto recém-formado, livre de vermes, foi dividida em quatro piquetes de 5 ha. Em cada piquete, foi formado um grupo constituído por nove caprinos, onde cada animal recebeu os seguintes tratamentos, durante os meses de abril a junho de 2002: grupo 1, 10 g de péletes por via oral, semanalmente; grupo 2, 10 g de péletes por via oral, quinzenalmente; grupo 3, 0,5 mL de moxidectin por 25 kg de peso vivo; grupo 4, controle, não tratado. Mensalmente, dois caprinos traçadores foram colocados junto ao rebanho por 30 dias, e após esse período, foram sacrificados e necropsiados. O grupo de animais que recebeu o tratamento com o fungo uma vez por semana apresentou redução no número de ovos por grama de fezes, menor carga parasitária e maior ganho de peso, em relação aos animais dos demais grupos. O fungo M. thaumasium é eficiente no controle de larvas infectantes nas pastagens e pode ser utilizado no controle e profilaxia de nematóides gastrintestinais de caprinos, no Semi-Árido cearense.The present study aimed to evaluate the viability of the nematophagous fungus Monacrosporium thaumasium in the control of gastrointestinal nematodes larvae of goats in the field, in semiarid climate in Ceará State, Brazil. An area of 20 ha, free of worms, was divided into four paddocks of 5 ha. In each paddock, one group consisting of nine goats was formed and received the following treatment, individually, from April to June 2002: group 1, each animal received, orally, 10 g of pellets, weekly; group 2, the animals received 10 g of pellets, each 15 days; group 3, the animals received 0.5 mL moxidectin per 25 kg of live weight; group 4, control, not treated. Monthly, two tracer goats were introduced into the flock per 30

  3. COMPORTAMENTO DO FUNGO Colletotrichum gossypii South. var. cephalosporoides Costa EM SUBSTRATO COM DIFERENTES FONTES DE NITROGÊNIO THE BEHAVIOR OF THE FUNGUS Colletotrichum gossypii South Var. cephalosporoides Costa IN SUBSTRATE CONTAINING DIFFERENT SOURCES OF NITROGEN

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Yvo de Carvalho

    2007-09-01

    Full Text Available

    Nesse trabalho procurou-se observar o efeito de diversas substâncias nitrogenadas sobre o crescimento miceliano, esporulação e aspectos morfológicos das colônias do fungo Colletotrichum gossypii South. var. cephalosporoides Costa em substrato sólido. Usou-se um substrato sintético como meio-básico e a este se adicionou peptona, metionina, asparagina, nitrato de sódio ou salicilato de amônia, conforme o tratamento. A testemunha não recebeu qualquer fonte de nitrogênio. Concluiu-se que a peptona foi o melhor tratamento para esporulação e crescimento miceliano, seguindo-se a asparagina que foi eficiente na indução da esporulação. O salicilato de amônia exerceu efeito inibidor do crescimento vegetativo e da esporulação do fungo. Para produção de inóculo, a curto prazo, recomenda-se o uso da peptona como fonte de nitrogênio. Foram observadas diferenças na pigmentação, bordos e densidade das colônias. A esporulação, embora abundante em substratos contendo peptona e asparagina, ocorreu em forma de verdadeiras massas localizadas de conídios na primeira, e como conídios dispersos na segunda.

    In this experiment, the effect of different nitrogenous substances on the mycelium growth, sporulation and morphological aspects of the colonies of the fungus Colletotrichum gossypii  South Var. cephalosporoides Costa planted in a solid substrate were observed. A synthetic substrate was used as a basic medium, and to this was added peptone metionine, asparagine, sodium nitrate or ammonium salicylate, according to the treatment. The control (group received no nitrogen whatsover. It was concluded that peptone was the best treatment for sporulation and mycelium growth, and that the next best was asparagine which was helpfull in inducing sporulation. Ammonium salicylate inhibited the vegetative growth

  4. Interação entre fungos micorrízicos arbusculares e bactérias diazotróficas em trigo Interaction between arbuscular mycorrhizal fungi and diazotrophic bacteria in wheat plants

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Valéria Marino Rodrigues Sala

    2007-11-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito da inoculação de dois novos isolados de bactérias diazotróficas endofíticas e da interação destas bactérias com fungos micorrízicos arbusculares (FMAs, na cultura do trigo. Foi realizado um experimento em casa de vegetação, com dois isolados de bactérias diazotróficas endofíticas, IAC11HT (Achromobacter insolitus e IAC12HT (Zoogloea ramigera, e dois FMAs (Glomus sp. e Acaulospora sp.. Houve efeito sinérgico da co-inoculação na colonização das raízes por bactérias diazotróficas, com o emprego do FMA do gênero Acaulospora. As plantas associadas a Glomus, na presença dos isolados bacterianos, apresentaram maior crescimento, acúmulo e aproveitamento dos nutrientes do que as plantas colonizadas por Acaulospora sp., entretanto, não superaram os tratamentos em que as bactérias e os fungos foram inoculados isoladamente. Apesar de não ter havido efeito benéfico da co-inoculação FMA-bactéria diazotrófica sobre a maioria dos parâmetros avaliados, essas novas bactérias propiciaram o dobro de crescimento, acúmulo e aproveitamento do N e P em plantas de trigo.The aim of this work was to evaluate the inoculation effect of two new endophytic diazotrophic bacteria and the interaction between arbuscular mycorrhizal fungi (AMF and these bacteria on wheat plants. The experiment was carried out in a greenhouse with the two strains of diazotrophic bacteria, IAC11HT (Achromobacter insolitus and IAC12HT (Zoogloea ramigera, and two AMF (Glomus sp. and Acaulospora sp.. There was synergistic effect of the co-inoculation on root colonization by diazotrophic bacteria with the AMF of the genus Acaulospora. The plants colonized by Glomus associated to bacterial strains showed higher growth, accumulation and exploitation of the nutrients than plants colonized by Acaulospora sp., however, this effect did not surpass the treatments in which bacteria and fungi were inoculated separately. Although

  5. Fungos e nematoides associados a sementes de forrageiras tropicais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Guilherme Mallmann

    2013-09-01

    Full Text Available Objetivou-se avaliar a incidência de fungos e nematoides em sementes de Brachiaria sp. e Panicum maximum produzidas nos estados de Mato Grosso do Sul (MS, Mato Grosso (MT, Goiás (GO, Minas Gerais (MG e São Paulo (SP. Os principais fungos encontrados nas sementes foram Bipolaris sp., Curvularia sp. e Phoma sp.. As menores incidências destes fungos foram encontradas nas sementes das cultivares BRS Piatã e Xaraés de Brachiaria brizantha e Brachiaria decumbens cv. Basilisk, oriundas dos estados de GO, MG e MS, respectivamente. As cultivares Marandu e BRS Piatã, provenientes das várias regiões, apresentaram elevada ocorrência de Aphelenchoides sp. e Ditylenchus sp.. Sementes da cultivar Humidicola, de Brachiaria humidicola, produzidas em MS e SP, não apresentaram associação com nematoides. As sementes de Panicum maximum cv. Massai e cv. Mombaça apresentaram maiores incidências de Bipolaris sp., Cladosporium sp., Curvularia sp., Fusarium sp. e Phoma sp., bem como de Aphelenchoides sp. e Ditylenchus sp., especialmente nas sementes produzidas em MT. Alguns dos patógenos encontrados são agentes causais de doenças de grande importância em forrageiras, a exemplo de Bipolaris sp., causando a mancha foliar do Panicum, de alta severidade em Tanzânia, proporcionando sérios comprometimentos da sustentabilidade das pastagens.

  6. Fungos micorrízicos no crescimento e na extração de metais pesados pela braquiária em solo contaminado Mycorrhizal fungi influence on brachiariagrass growth and heavy metal extraction in a contaminated soil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Silvana da Silva

    2006-12-01

    Full Text Available Avaliou-se, em casa de vegetação, a influência de 14 isolados de fungos micorrízicos arbusculares (FMA no crescimento e extração de Zn, Cd, Cu e Pb pela Brachiaria decumbens em solo contaminado. Foram utilizadas plantas com e sem FMA, em vasos com 0,92 kg de solo com (mg kg-1: Zn, 3.300; Cu, 60; Cd, 29; Pb, 73. Os isolados fúngicos tiveram efeitos diferenciados no crescimento e aumentaram a produção de matéria seca em 84%. Os teores de metais na planta foram elevados e apresentaram relação inversa com a produção de matéria seca. Verificou-se que os FMA não afetaram os teores de Pb, mas reduziram em 20, 28 e 63% os teores de Zn, Cd e Cu na parte aérea, respectivamente, e aumentaram os teores de Cu nas raízes em mais de 1.000%. Os FMA aumentaram a quantidade de metais extraídos do solo em 845, 142, 68 e 54% para Cu, Pb, Zn e Cd, respectivamente. Acaulospora spinosa, Acaulospora morrowiae-UFLA e Gigaspora gigantea aumentaram a extração simultânea dos quatro metais contaminantes. Os FMA, de acordo com a espécie, aumentam a capacidade da B. decumbens de extrair metais pesados do solo.The influence of 14 arbuscular mycorrhiza fungal isolates (AMF on brachiariagrass growth and extraction of Zn, Cd, Cu and Pb from a contaminated soil was evaluated in a greenhouse experiment. Mycorrhizal and nonmycorrhizal Brachiaria decumbens plants were grown in pots with 0.92 kg of soil containing (mg kg-1: Zn, 3,300; Cu, 60; Cd, 29; Pb, 73. The AMF increased dry matter yield in 84%. Plant heavy metal concentrations were high and were inversely related to dry matter yield. Isolates caused no effect on Pb, but reduced shoot Zn, Cd and Cu concentrations by 20, 28 and 63%, respectively. It was observed effect of mycorrhiza on Cu accumulation in roots (over 1,000%. Isolates enhanced the total amount of soil extracted metals by 845, 142, 68 and 54% for Cu, Pb, Zn and Cd, respectively. Only Acaulospora spinosa, Acaulospora morrowiae-UFLA and Gigaspora

  7. Germinação de sementes e desenvolvimento de protocormos de Epidendrum secundum Jacq. (Orchidaceae em associação com fungos micorrízicos do gênero Epulorhiza Seed germination and protocorm development of Epidendrum secundum Jacq. (Orchidaceae in association with Epulorhiza mycorrhizal fungi

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marlon Corrêa Pereira

    2011-09-01

    Full Text Available Na natureza, as espécies de Orchidaceae estão associadas a fungos micorrízicos. A compreensão da especificidade fungo-planta nessa associação pode auxiliar no desenvolvimento de programas para propagação simbiótica das orquídeas. Fungos micorrízicos Epulorhiza spp. têm sido isolados de Epidendrum secundum Jacq. com maior freqüência. Assim, o objetivo deste trabalho foi avaliar a germinação de sementes e o desenvolvimento de protocormos de E. secundum associados a diferentes isolados de fungos do gênero Epulorhiza. Utilizou-se 16 fungos Epulorhiza spp. isolados de diferentes populações de E. secundum. Após 44 dias, todos os fungos testados induziram a germinação das sementes. Entretanto, observou-se diferença na eficiência desses fungos em promover o desenvolvimento dos protocormos, mesmo entre os fungos que apresentam semelhanças morfológicas. O estágio de desenvolvimento mais avançado dos protocormos e o maior índice de crescimento foram observados quando as sementes foram inoculadas com o isolado M65. Conclui-se que a germinação das sementes e o desenvolvimento dos protocormos de E. secundum dependem do fungo micorrízico e que, apesar da grande freqüência de associação entre essa espécie de orquídea e fungos do gênero Epulorhiza, é importante a seleção de isolados que apresentem maior eficiência simbiótica. Isolados eficientes são úteis na produção de mudas de orquídeas de importância econômica e ornamental e de espécies ameaçadas de extinção.In nature, species of Orchidaceae are always associated with mycorrhizal fungi. The comprehension of fungal-plant specificity in this association can assist with the establishment of programs that focus on symbiotic propagation of orchids. Epulorhiza mycorrhizal fungi have frequently been isolated from Epidendrum secundum Jacq. Thus, the objective of this study was to evaluate the germination of E. secundum seeds and protocorm development associated

  8. Quantificação de micélio extrarradicular de fungos micorrízicos arbusculares em plantas cítricas e endófitos: I. Método empregado

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    R. Melloni

    1999-03-01

    Full Text Available Otimização de métodos de extração e avaliação de micélio extrarradicular ativo (MEA e total (MET constituem os principais passos para um estudo mais profundo da interação fungo micorrízico arbuscular (FMA e hospedeiro, já que a absorção e translocação dos nutrientes do substrato ao hospedeiro são realizadas, respectivamente, por tais estruturas fúngicas. Métodos de extração de micélio extrarradicular de FMAs propostos por diversos autores foram reavaliados e mesclados, originando um método exclusivo e de fácil execução, juntamente com a calibração de métodos para avaliação e quantificação de MEA (fluorescência induzida com a hidrólise do diacetato de fluoresceína e redução de iodonitrotetrazólio, em substrato arenoso.

  9. Resistência natural da madeira de Corymbia maculata (Hook. K.D.Hill & L.A.S. Johnson a fungos e cupins xilófagos, em condições de laboratório Wood natural resistance of Corymbia maculata (Hook. K.D.Hill & L.A.S Johnson to wood destroying fungi and termites, under laboratory tests

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juarez Benigno Paes

    2002-11-01

    Full Text Available A pesquisa teve o objetivo de avaliar a resistência natural da madeira de Corymbia maculata a fungos e a cupins xilófagos, em condições de laboratório. De peças radiais (tábuas que continham o cerne e o alburno intactos foram retirados corpos-de-prova de 2,00 x 2,00 x 1,00 cm, com a menor dimensão na direção tangencial (ensaio com fungos, e de 2,54 x 2,00 x 0,64 cm, com a maior dimensão na direção das fibras (ensaio com cupins, em quatro posições na direção medula-casca. As amostras foram submetidas à ação dos fungos Postia placenta, Neolentinus lepideus e Polyporus fumosus por 12 semanas, ou à ação de cupins do gênero Nasutitermes por 30 dias. Constatou-se que a resistência da madeira ao apodrecimento foi dependente da posição na direção medula-casca e dos fungos utilizados. As amostras retiradas nas posições mais externas do tronco foram mais deterioradas que as internas. Dentro de cada posição, os fungos causaram deterioração semelhante à madeira, exceto para a posição mais externa (alburno, em que o fungo P. fumosus causou menos deterioração que os demais. De modo geral, a madeira de C. maculata foi altamente resistente (posições internas ou resistente (posições externas aos fungos ensaiados. Somente para o fungo N. lepideus a posição mais externa foi moderadamente resistente. Quanto aos cupins, a resistência da madeira não foi afetada pela posição na direção medula-casca e apresentou uma baixa perda de massa para as posições analisadas. Além disto, os cupins causaram somente desgaste superficial à madeira, e morreram durante o ensaio, o que permitiu classificar a madeira de C.maculata como resistente aos cupins ensaiados.This research evaluated the natural resistance of Corymbia maculata wood to wood-destroying fungi and termites, under laboratory tests. Radial pieces (boards, containing intact heartwood and sapwood were transformed into test samples measuring 2.00 x 2.00 x 1.00 cm

  10. Ação de fungos entomopatogênicos em larvas e adultos da mosca do figo Zaprionus indianus (Diptera: Drosophilidae Action of entomopathogenic fungi on the larvae and adults of the fig fly Zaprionus indianus (Diptera: Drosophilidae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Virgínia Michelle Svedese

    2012-11-01

    Full Text Available A mosca do figo, Zaprionus indianus, vem se disseminando no Brasil e causou nos últimos anos perdas de até 50% na produção de figos. Uma alternativa viável de controle desta mosca pode ser a utilização de fungos entomopatogênicos. Este trabalho foi conduzido em laboratório (27±1°C, UR 70±10% e fotoperíodo de 12h para avaliar a suscetibilidade dos estágios de larva e adulto de Z. indianus a cinco concentrações (10(8 a 10(4 conídios mL-1 de B. bassiana (URM2915; ESALQ447 e M. anisopliae (URM3349; URM4403. Não houve mortalidade larval e o período de pré-pupa não sofreu alteração em relação ao grupo controle, já o estágio de pupa foi aumentado em até três dias quando se utilizou B. bassiana. A emergência de adultos diminuiu em relação ao grupo controle: 10,6% quando as larvas foram tratadas com a maior concentração de B. bassiana URM2916 e 2,0% com M. anisopliae URM4403. No bioensaio com adultos, a mortalidade máxima atingiu 98,7% com B. bassiana e 100,0% com M. anisopliae. Os menores valores da CL50 foram de 1,09x10(5 conídios mL-1 para B. bassiana URM2916 e de 1,94x10(4 conídios mL-1 para M. anisopliae URM4403. O tempo letal médio (TL50 variou de 4,5 a 6,12 dias. Os resultados demonstraram que ambos os fungos são eficientes e mostram ser promissores agentes biocontroladores da mosca do figo, com destaque para M. anisopliae URM4403.The "fig fly", Zaprionus indianus, has spread by in Brazil and in recent years and has caused losses of up to 50% in the production of figs. A viable alternative to control this fly may be the use of entomopathogenic fungi such. The present study was developed in laboratory (27±1°C, RH 70±10% and 12h photoperiod, to assess the susceptibility of larval and adult stages of Z. indianus to five concentrations (10(8 to 10(4 conidia mL-1 of B. bassiana (URM2915; ESALQ447 and M. anisopliae (URM3349; URM4403. There was no larval mortality and the pre-pupal period did not change compared

  11. Interactions between diazotrophic bacteria and mycorrhizal fungus in maize genotypes Interações entre bactérias diazotróficas e fungo micorrízico em genótipos de milho

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marina Yumi Horta Miyauchi

    2008-01-01

    Full Text Available Some diazotrophic bacteria can fix nitrogen biologically in gramineous host plants. Generally, gramineous plants are also associated with mycorrhizal fungi, that can improve mainly plant P uptake. Among the factors affecting plant-microbe interactions, the plant genotype plays an important role. This study evaluates the effect of diazotrophic bacteria and an arbuscular mycorrhizal fungus (AMF, on five genotypes of maize (Zea mays L., in relation to plant biomass, shoot N and P concentrations, and fine root morphological traits. The experimental design was entirely randomized in a factorial 5 × 4 × 2 arrangement, i.e., five maize genotypes (hybrids C333B, AS3466, and PREMIUM, and the inbreed lines lg40897-1 and lg40505-1, three diazotrophic bacteria (Azospirillum lipoferum, A. amazonense, and Burkholderia sp. in addition to a control without bacterial inoculation, co-inoculated or not with the AMF Glomus clarum. The non-mycorrhizal plants inoculated with Azospirillum exhibited the highest N concentrations. The lines lg40897-1 and lg40505-1 showed higher P concentrations as compared to the hybrids, mainly when colonized by AMF. The higher levels of mycorrhizal colonization (90% occurred in the C333B and lg40897-1 genotypes, which also exhibited a greater root diameter. Mycorrhiza increased shoot and root biomass, besides root traits as total length, specific length, total surface, and incidence of root hairs in all genotypes. In addition, mycorrhiza also stimulated the root colonization by diazotrophic bacteria. The bacteria did not affect root morphological traits and mycorrhizal colonization.Algumas bactérias diazotróficas podem fixar N biologicamente em gramíneas, as quais se associam a fungos micorrízicos, o que pode levar a um aumento principalmente da absorção de P. Dentre os fatores que afetam as interações planta-microrganismos, o genótipo da planta tem importante papel. Esse trabalho avalia o efeito de bactérias diazotr

  12. Predatory activity of chlamydospores of the fungus Pochonia chlamydosporia on Toxocara canis eggs under laboratory conditions Atividade predatória de clamidósporos do fungo Pochonia chlamydosporia sobre ovos de Toxocara canis em condições laboratoriais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliana Milani Araujo

    2013-03-01

    Full Text Available The objective of this study was to use chlamydospores of the fungus Pochonia chlamydosporia (isolates VC1 and VC4 against Toxocara canis eggs in a 15-day in vitro assay. One thousand T. canis eggs were placed in Petri dishes containing 2% water agar medium with different concentrations of chlamydospores (1,000, 10,000 or 100,000 of each fungal isolate of P. chlamydosporia (treated groups and 1,000 eggs in Petri dishes without fungus (control group. Egg counts were performed to determine the ovicidal activity, which was classified as three effect levels: type 1, type 2 and type 3. Significant differences (P O objetivo do trabalho foi utilizar clamidósporos do fungo Pochonia chlamydosporia (isolados VC1 e VC4 na destruição de ovos de Toxocara canis, num ensaio in vitro, realizado no intervalo de 15 dias. Em cada placa de Petri com ágar-água 2% foram vertidos 1.000 ovos de T. canis em 1.000, 10.000 ou 100.000 clamidósporos de cada isolado do fungo (grupos tratados. Foram realizadas as contagens para verificar a atividade ovicida, classificada em três níveis de efeito: tipo 1, tipo 2 e tipo 3. Os resultados demonstraram que houve diferença significativa (P < 0,01 na destruição dos ovos em relação aos ovos observados nas placas do grupo controle. O maior percentual de ovos destruídos foi observado nas placas contendo 100.000 clamidósporos (68,5% para VC1 e 70,5% para VC4. Clamidósporos do fungo P. chlamydosporia foram efetivos na destruição dos ovos de T. canis podendo contribuir no futuro para o combate aos ovos deste parasito.

  13. Biocontrol del moho foliar del tomate Cladosporium fulvum empleando cuatro hongos antagonistas Biocontrole do mofo foliar em tomateiro empregando quatro fungos antagonistas Biocontrol of leaf mold of tomato Cladosporium fulvum (Cooke 1883 employing four antagonistic fungi

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Enrique Torres

    2008-01-01

    Full Text Available El moho foliar Cladosporium fulvum (Cooke 1883 produce una enfermedad que ataca el cultivo de tomate en invernadero en el Perú. Como alternativa al control de este patógeno se probó la eficiencia bajo condiciones in vitro e invernadero de cuatro hongos antagonistas: Hansfordia pulvinata (Berk y Curt 1958, Trichoderma harzianum (Rifai 1969, T. viride (Persoon 1821 y T. virens (Miller, Giddens y Foster 1963. El cultivo y crecimiento de los hongos se realizó en Agar Sabouraud para Trichoderma spp. y en Agar Jugo V8 para H. pulvinata. El bioensayo empleado fue el de placas precolonizadas propuesto por Krauss. En condiciones in vitro se observó que a 24 ºC y 72 h, el crecimiento de T. harzianum fue estadísticamente diferente de las otras tres especies ensayadas, y a 28 ºC fue similar a T. viride. A 24 ºC y a las 120 h, T. virens fue diferente de todas las especies evaluadas. A las 168 h el crecimiento de las tres especies de Trichoderma fue estadísticamente similar, diferenciándose de H. pulvinata. A 28 ºC a las 120 h y 168 h los resultados fueron estadísticamente similares para las tres especies de Trichoderma, pero diferentes de H. pulvinata. El mecanismo de acción más común para los hongos antagonistas fue el micoparasitismo. Finalmente, T. harzianum fue más eficiente debido a que redujo la severidad de la enfermedad en un 19,35 % bajo condiciones de invernadero.O mofo foliar Cladosporium fulvum (Cooke, 1883 produz uma enfermidade que ataca o cultivo do tomateiro em casa de vegetação no Peru. Como alternativa ao controle desse patógeno, testou-se a eficiência, sob condições in vitro e casa de vegetatção, de quatro fungos antagonistas: Hansfordia pulvinata (Berk y Curt 1958, Trichoderma harzianum (Rifai 1969, T. viride (Persoon 1821 y T. virens (Miller, Giddens y Foster 1963. O cultivo e crescimento dos fungos foi realizado em Agar Sabouraud para Trichoderma spp. e em Agar Suco V8 para H. pulvinata. O bioensaio empregado

  14. Desempenho de fungos micorrízicos arbusculares na produção de mudas de maracujazeiro-amarelo, em diferentes substratos Arbuscular mycorrhizal fungi performance to produce mycorrhizal passionflower seedlings under different substrates

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriana Parada Dias da Silveira

    2003-01-01

    Full Text Available O trabalho teve por objetivo selecionar fungos micorrízicos arbusculares (FMAs eficientes na promoção do crescimento de mudas de maracujazeiro-amarelo, em substrato esterilizado, com diferentes níveis de fertilidade, em função da adição ou não de matéria orgânica. Foram realizados três experimentos, em casa de vegetação. No primeiro, empregou-se como substrato uma mistura de 2:1:1 de areia, solo (Latossolo Vermelho Eutroférrico e esterco de curral; no segundo, uma mistura de 1:1 de solo e areia e no terceiro, uma mistura de 9:1 de solo e esterco de curral. Os FMAs empregados foram: Acaulospora sp.(IAC-13, Gigaspora margarita, Glomus sp (IAC-27, Acaulospora morrowae, Acaulospora sp. (IAC-44, Acaulospora scrobiculata, Scutellospora heterogama, Glomus clarum,Glomus sp. (IAC-28, Entrophospora colombiana, Glomus etunicatum e Glomus macrocarpum. No terceiro experimento, empregaram-se G. clarum, Glomus sp. (IAC-28, G. margarita, G. etunicatum e G. macrocarpum (IAC-50, uma mistura dessas espécies e populações de fungos nativos, oriundas de solo de uma cultura de maracujá estabelecida no campo e multiplicadas em Brachiaria decumbens, maracujazeiro e amendoinzeiro. Os efeitos positivos da micorrização foram maiores no substrato sem adição de matéria orgânica (esterco de curral, não superando, entretanto, o efeito da sua adição. G. clarum, G. etunicatum e G. margarita promoveram aumento significativo na produção de matéria seca. No substrato com adição de 25% de matéria orgânica, os fungos Acaulospora sp. (IAC- 44 e A. morrowae foram eficientes na promoção do desenvolvimento das mudas, com desempenho comparável ao Glomus sp. (IAC- 28 no substrato com adição de 10% de esterco de curral. G. clarum mostrou efeito parasítico, diminuindo o crescimento das plantas no substrato com 25% de matéria orgânica.The purpose of this study was to select effective arbuscular mycorrhizal fungi (AMF on the production of yellow

  15. GLICOMANANO ESTERIFICADO EM RAÇÕES PARA FRANGOS CONTENDO MILHO OU SORGO EXPERIMENTALMENTE CONTAMINADAS POR FUNGOS OU COM AFLATOXINA B1

    OpenAIRE

    2009-01-01

    Foram realizados dois experimentos com 960 pintos Cobb 500 criados em baterias aquecidas até 21 dias. No primeiro experimento, as aves foram alimentadas com rações com grãos de milho e de sorgo não-mofados e mofados, tratados ou não com adsorvente de micotoxinas a base de glicomanano esterificado (GME) nas concentrações de 0 e 0,1% da dieta. O experimento foi conduzido no delineamento inteiramente casualizado em esquema fatorial 2 x 2 x 2 (grão x qualidade x adsorvente) e cinco repetições de ...

  16. Efeito do óleo essencial de Eucalyptus grandis no crescimento de isolados de fungos ectomicorrízicos em diferentes concentrações de cobre, zinco e níquel Essential oil of Eucalyptus grandis effect on the growth of ectomycorrhizal isolates in different copper, zinc and nickel concentrations

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ricardo Bemfica Steffen

    2011-09-01

    Full Text Available

    Os metabólitos secundários bioativos de algumas plantas são capazes de estimular o crescimento dos fungos ectomicorrízicos. Quando em associação com plantas, esses fungos proporcionam as mesmas condições de se desenvolverem em ambientes contaminados por metais pesados. Avaliou-se o efeito da adição de óleo essencial de <em>Eucalyptus grandis em>no crescimento de isolados ectomicorrízicos na presença de cobre, zinco e níquel. Os fungos ectomicorrízicos <em>Pisolithus microcarpus em>(UFSC Pt 116 e <em>Pisolithus em>sp. (UFSC Pt 24 foram incubados em meio de cultura líquido na presença de concentrações crescentes de cobre, zinco e níquel e de óleo essencial de <em>Eucalyptus grandis em>na concentração de 20 μL L-1. Após período de incubação de 25 dias, avaliou-se a massa seca do micélio e a concentração que inibiu o crescimento fúngico em 50%. Nas concentrações de cobre, zinco e níquel superiores a 3,94, 1,57 e 0,85 mmol L-1, respectivamente, não foi verificado aumento no crescimento dos isolados ectomicorrízicos avaliados pela adição do óleo essencial. A presença do óleo essencial de <em>E. grandis em>na concentração de 20 μL L-1 em meio de cultura líquido aumentou a tolerância dos isolados ectomicorrízicos UFSC Pt 116 e UFSC Pt 24 aos metais pesados cobre, zinco e níquel.

    doi: 10.4336/2011.pfb.31.67.227

    The bioactive secondary metabolites of some plants are capable of stimulating the growth of ectomycorrhizal fungi. Combined with plants, these fungi provide the same conditions to grow in environments contaminated by heavy metals. We evaluated the effect of adding essential oil of Eucalyptus grandis in the growth of ectomycorrhizal isolates in the presence of copper, zinc and nickel. The ectomycorrhizal <em>Pisolithus microcarpusem> (UFSC Pt 116 and <em>Pisolithus> sp. (UFSC Pt 24 were incubated in liquid culture medium in the presence

  17. COLONIZAÇÃO E DENSIDADE DE ESPOROS DE FUNGOS MICORRÍZICOS EM DOIS SOLOS DO CERRADO SOB DIFERENTES SISTEMAS DE MANEJO COLONIZATION AND SPORE DENSITY OF ARBUSCULAR MYCORRHIZAL FUNGI IN TWO CERRADO SOILS IN DIFFERENT TILLAGE SYSTEMS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Helder Barbosa Paulino

    2007-09-01

    Full Text Available

    O presente estudo teve como objetivo avaliar a colonização micorrízica e a densidade de esporos de fungos micorrízicos arbusculares (FMA, bem como os efeitos de diferentes sistemas de manejo em duas classes de solo (Neossolo Quartzarênico e Latossolo Vermelho. O estudo foi conduzido em áreas agrícolas do entorno do Parque Nacional das Emas, Estado de Goiás, onde se determinaram a densidade de esporos de FMA e a colonização micorrízica de raízes, nos diferentes sistemas de manejo. Áreas sob cultivo de gramíneas apresentaram maiores colonização micorrízica e densidade de esporos de FMA, nos dois solos estudados, relativamente à área cultivada com soja. Verificou-se pequeno efeito dos sistemas de manejo do solo nas características avaliadas, no entanto, os resultados obtidos mostram alterações na população de FMA, com um aumento na densidade de esporos que refletiu na colonização micorrízica nas áreas agrícolas, em relação às áreas de referência.

    PALAVRAS-CHAVE: Indicador biológico; solos arenosos; conservação do solo; qualidade de solo.

    The objective of this study was the evaluation of root micorrhyzal colonization and the spore density of arbuscular mycorrhizal fungi (AMF, as well as the effects of tillage systems in two soil classes (Entisol and Oxisol. The study was carried out in farms around the ";Parque Nacional das Emas";, Goiás State, Brazil, where density of AMF spores and mycorrhizal colonization of roots in the different tillage systems were determined. Areas cultivated with grasses presented larger mycorrhizal colonization and density of AMF spores in both soils as compared with the soybean cropped area. Small effect of the tillage systems was verified in regard to evaluated characteristics. However, the results showed

  18. Seleção de fungos produtores de tanase em resíduos vegetais ricos em taninos Screening of tanase producing fungi present in rich tannin vegetable residues

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gabriela Alves Macedo

    2005-08-01

    Full Text Available Tanino acil hidrolase conhecida como tanase (E.C: 3.1.1.20 é uma enzima que hidrolisa ésteres e ligações laterais de taninos hidrolisáveis produzindo glicose e ácido gálico. A tanase é uma enzima extracelular, induzível, produzida por fungos, bactérias e leveduras pela fermentação sólida, líquida ou submersa. A fermentação sólida para a produção desta enzima oferece um grande número de vantagens sobre o método de fermentação submersa e líquida convencional. O meio de produção é simples, utiliza resíduos vegetais de uva, cajú, café ou subprodutos como farelo de trigo, arroz ou aveia, acrescidos de ácido tânico. A aplicação de resíduos é uma forma de utilizar substratos alternativos e solucionar problemas de poluição que possam causar. A tanase tem vasta aplicação na indústria de alimentos, sucos, cervejaria e indústria farmacêutica. Objetivou-se com este trabalho selecionar linhagens fúngicas potencialmente produtoras de tanase em resíduos vegetais ricos em taninos. A primeira etapa da seleção foi realizada utilizando como substrato farelo de trigo suplementado com 0,5% de ácido tânico. Dentre as 400 linhagens testadas 6,75% produziram tanase. As linhagens que apresentaram as melhores atividades foram: LAB345G, LAB53G e LAB153G com atividades de 0,2862; 0,2149; 0,1848 U. Essas linhagens foram testadas nos resíduos agroindustriais de café e uva acrescentando 0,5% e 1,5% de ácido tânico ao meio de fermentação. O melhor resultado foi obtido para o resíduo de café com a linhagem LAB153G apresentando atividade de 0.275 U.Tannin acyl hydrolase (E.C: 3.1.1.20 or tannase is an enzyme which hydrolyses ester and depside bonds of hydrolysable tannins releasing gallic acid and glucose. Tannase is an extracellular, inducible enzyme, produced by fungi, bacteria and yeast. The tannase is produced by solid-state, liquid surface and submerged fermentation. The solid-state fermentation offers a number of

  19. Análise da contaminação de chupetas por enteroparasitas e fungos em escola de ensino fundamental

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paola de Oliveira Abreu

    2016-12-01

    Full Text Available Introdução: Como qualquer outro objeto levado à boca, a chupeta apresenta-se como um reservatório potencial de microorganismos. Através dessa pesquisa, busca-se avaliar as chupetas utilizadas por crianças, com o propósito de detectar os microorganismos mais prevalentes e, a partir disso, planejar estratégias de prevenção, controle e redução de possíveis enfermidades na infância. Métodos: Foi realizado um estudo prospectivo, descritivo e observacional com fontes de dados primários, obtido por meio da análise de chupetas. O grupo em estudo era constituído por crianças de ambos os sexos, com idade entre um a seis anos, matriculados em escola municipal de ensino infantil, em Santa Cruz do Sul. Resultados: Foram analisadas 72 chupetas de crianças com idade média de 3,46 anos, sendo 51,39%, do sexo masculino. Em quatro amostras foram encontradas Candida albicans, não sendo detectados enteroparasitas. Foi observado que 9,72% das chupetas nunca são limpas antes de serem oferecidas à criança e mais de 20% delas não são guardadas em local adequado. A água consumida pela criança na própria residência foi oriunda da torneira em 70,83% e filtrada em 13,88% dos casos. Na escola, a água consumida era apenas da torneira. Observou-se que 9,32% das mães tinham conhecimento vago sobre a transmissão de parasitas pela chupeta. Conclusões: A prevalência de enteropatógenos detectados nas chupetas estudadas foi menor do que a descrita na literatura, porém o estudo demonstra a necessidade de um melhor esclarecimento aos pais quanto aos cuidados para prevenção de enfermidades e sobre os malefícios que o uso da chupeta pode ocasionar.

  20. Atividade citotóxica de fungos endofíticos associados à Clusia arrudae Planchon & Triana (Clusiaceae).

    OpenAIRE

    Silva Filho, Antonio Cesar Corrêa

    2012-01-01

    Os fungos são organismos capazes de sobreviver isoladamente ou em relações simbióticas com outros organismos. Nos tecidos vegetais os fungos colonizam espaços intracelulares de plantas sem causar dano aparente ao seu hospedeiro, os quais são chamados de endofíticos e por colonizar estes espaços e apresentar constante interação com seu hospedeiro, estes fungos são capazes de produzir diferentes metabólitos bioativos. O câncer, ainda hoje, é uma doença que acomete milhares de pessoas ao redor d...

  1. Estudo químico e biológico de fungos endofídicos associados a Senna spectabilis

    OpenAIRE

    Zanardi, Lisinéia Maria [UNESP

    2010-01-01

    Este trabalho descreve o isolamento de 43 fungos endofíticos associados à espécie vegetal Senna spectabilis, e a triagem química e biológica destes. Os extratos brutos em AcOEt produzidos pelos fungos foram avaliados quimicamente por CCDC, CLAE-DAD e RMN de 1H, e submetidos a bioensaios para avaliação da potencialidade antifúngica, antioxidante e anticolinesterásica, onde se mostram promissores. A partir dos resultados obtidos os fungos Myrothecium gramineum e Acremonium sp. foram selecionado...

  2. Arbuscular mycorrhizal fungal communities in native and in replanted Araucaria forest Comunidades de fungos micorrízicos arbusculares em floresta nativa e replantada de Araucária

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Milene Moreira

    2009-10-01

    Full Text Available Araucaria angustifolia is an important Brazilian conifer, but it is endangered of extinction due to excessive logging. The objective of the present case study was to survey data on the diversity of AMF in Araucaria angustifolia forests, and to learn whether it is possible to discriminate between the AMF communities associated with natural, introduced, and impacted-by-anthropogenic-action ecosystems. Three ecosystems representative of the Campos do Jordão (São Paulo State, Brazil region were selected, as follows: (i a native climax forest, with predominance of Araucaria trees, without anthropogenic interference (NF, (ii Araucaria forest introduced in 1959 (RE, and (iii Araucaria forest introduced in 1958, submitted to accidental fire in July 2001 (RF. Sampling of rhizosphere soil was performed at a 0-20 cm depth around each Araucaria tree, and 2 m from the trunk, in the months of May and October, 2002. AMF spores were separated from the soil, counted, and taxonomically identified, while the roots were evaluated for mycorrhizal colonization. The ecological indices R (Richness, Is (Simpson's dominance index and H (Shannon's diversity index were calculated. All the data were submitted to univariate (two-way ANOVA and correspondence analysis (CA. Considering both samplings and the three areas, twenty-six AMF species were found, distributed among five genera, Acaulospora and Glomus being the most frequent ones. There were no differences among the three areas for R, Is, and H. CA demonstrated that there is a spatial separation among the three areas, and the AMF that preferentially associated with each area.A Araucaria angustifolia é uma importante conífera brasileira, mas encontra-se ameaçada de extinção. Levantaram-se dados sobre a diversidade de fungos micorrízicos arbusculares (FMAs em florestas de Araucaria angustifolia, visando a discriminar entre as comunidades de FMAs associadas com ecossistemas natural, implantado e impactado pela a

  3. Comunidades de fungos micorrízicos arbusculares associados ao amendoim forrageiro em pastagens consorciadas no Estado do Acre, Brasil Communities of arbuscular mycorrhizal fungi associated with peanut forage in mixed pastures in the state of Acre, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elias Melo de Miranda

    2010-03-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi identificar e estimar a diversidade de comunidades de fungos micorrízicos arbusculares (FMAs autóctones associados ao amendoim forrageiro (Arachis pintoi, em monocultivo e consorciado com outras forrageiras. A amostragem foi realizada em sete áreas, em Rio Branco, AC, sendo coletadas quatro amostras de solo em cada área, na profundidade de 0-10 cm, nas estações seca (junho de 2004 e chuvosa (janeiro de 2005. As áreas cultivadas com A. pintoi foram: monocultivo, consórcio com pastagens de gramíneas e outras leguminosas e como cobertura do solo em cafeeiro, além de capoeira e mata adjacentes como testemunhas. Foi verificada a ocorrência de 21 espécies de FMAs nas duas estações, sendo 18 espécies no período seco e 16 no chuvoso. As espécies foram distribuídas em cinco gêneros: Acaulospora, Entrophospora, Gigaspora, Glomus e Scutellospora. A densidade de esporos foi maior no consórcio A. pintoi x Brachiaria brizantha x Pueraria phaseoloides e a menor nas áreas de A. pintoi x cafeeiro, capoeira e mata. As colonizações radiculares foram maiores na estação chuvosa (15 a 63% do que na estação seca (5 a 37%. Os índices de diversidade no monocultivo foram semelhantes aos das demais áreas avaliadas, indicando que o amendoim serve como hospedeiro de diferentes espécies de FMAs e que o seu cultivo pode aumentar a presença desses organismos nos sistemas produtivos, melhorando a qualidade biológica do solo.The purpose of this study was to identify the autochthonous communities of arbuscular mycorrhizal fungi (AMF associated with Arachis pintoi and estimate its diversity. Samples of soil were collected in a Field at Rio Branco, AC. The sampling was carried out in seven areas, being collected four samples from soil in each area, in a depth of 0-10cm, in dry season (June 2004 and rainy season (January 2005. The areas cultivated with A. pintoi were: monoculture, grass pasture and others legumes

  4. Ambient pH-regulated enzime secretion in endophytic and pathogenic isolates of the fungal genus Colletotrichum Secreção de enzimas mediada pelo pH do ambiente em isolados patogênicos e endofíticos do fungo Colletotrichum

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Walter Maccheroni Jr.

    2004-06-01

    Full Text Available In fungi a genetic system ensures that enzymes are secreted mainly at ambient pH values corresponding to their optima of activity. Although a great deal of information has been obtained concerning this environmental response, there is a lack of studies involving phytopathogenic, endophytic and entomopathogenic fungi as well as different aspects of fungus-host interactions. This study compares in a plate-clearing assays, the effect of ambient pH in the secretion of amylase, cellulase, lipase, pectinase and protease by endophytic, phytopathogenic, and entomopathogenic isolates belonging to several species of Colletotrichum. All enzymes were secreted in a pH-dependent manner by all isolates. Endophytes and pathogens showed distinct patterns of protease secretion, with optima at alkaline and acid growth conditions, respectively. In liquid medium, a Pi-repressible acid phosphatase of an endophytic isolate responded to ambient pH, having a 14-fold increase in secreted specific activity at acid pH, as compared to alkaline pH. Furthermore, part of a Colletotrichum pacC homologue gene, coding for a transcriptional factor responsible for pH-regulated gene expression, was cloned. Ambient pH seems to be a general factor controlling enzyme secretion in fungus-host interactions through a conserved genetic circuit.Em fungos, um sistema de regulação gênica garante que enzimas sejam secretadas predominantemente em valores de pH do ambiente próximos aos pH ótimos de atividade correspondentes. Embora muita informação tenha sido acumulada sobre essa resposta adaptativa, não existem estudos envolvendo fungos fitopatogênicos, endofíticos e entomopatogênicos, bem como sobre outros aspectos relacionados às interações fungo-hospedeiro. No presente trabalho foi comparado, em meio sólido, o efeito do pH do ambiente na secreção das enzimas amilase, celulase, lipase, pectinase e protease por isolados endofíticos, fitopatogênico e entomopatog

  5. Isolation and identification of yeasts and filamentous fungi from yoghurts in Brazil Isolamento e identificação de leveduras e fungos filamentosos em iogurtes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Silvia Regina Moreira

    2001-06-01

    Full Text Available Seventy-two cartons of yoghurt were sampled three times at monthly intervals from four different local manufacturers. Total counts were close to 6 x 10(7 cells g-1 of yoghurt. Yeast counts varied from 1 to 2,700 g-1. There was no evidence of systematic contamination at source but this longitudinal study revealed that ad hoc contamination and improper storage led to the higher yeast counts. Contamination was generally higher in the hotter months but was lower overall than reported from other countries. A total of 577 yeast isolates were identified belonging to ten species. The most abundant yeasts were, in order, Debaryomyces hansenii, Saccharomyces cerevisiae, Mrakia frigida, Hansenula spp., Candida parapsilosis, Debaryomyces castellii and Candida maltosa. The psychrophilic yeast Mrakia frigida is reported for the first time in yoghurts. Low level contamination with Monilia and Penicillium species was found in a few samples. Growth tests suggested that ability to ferment sucrose, growth at 5° C and in the presence of 300 µg g-1 sorbate preservative, were the three most significant physiological properties to account for these yeasts in yoghurts. The data also suggest that warmer weather and inadequate refrigeration are the principal causes of higher levels of contamination, increased diversity and change in microbial flora.Setenta e duas embalagens de iogurtes de quatro indústrias diferentes foram analisadas durante três épocas diferentes com intervalo mensal. A população microbiana total encontrada foi em torno de 6 x 10(7 células g-1 de iogurte. A contagem de leveduras variou entre 1 a 2.700 células g-1. Não foi possível observar uma sistemática contaminação, mas este estudo longitudinal revelou que contaminação ad hoc e armazenamento impróprio pode levar a elevadas populações de leveduras. De modo geral foi detectada uma contaminação maior nos meses mais quentes do ano mas em valores inferiores aos encontrados em outros

  6. Influence of culture media in viability test of conidia of entomopathogenic fungi Influência de meios de cultura em teste de viabilidade de fungos entomopatogênicos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edimara Aparecida Francisco

    2006-08-01

    Full Text Available This work aimed at investigatimg whether the culture medium used in viability tests affects the conidial germination of Lecanicillium lecanii, Beauveria bassiana and Paecilomyces fumosoroseus isolates. The tests were performed on microscope slides containing one of the culture media: agar-water (AW, minimal medium (MM, potato-dextrose agar (PDA, potato-dextrose-1% yeast extract agar (PDAY, Sabouraud-dextrose-yeast extract agar (SDAY, and complete medium (CM. Three areas per slide were delimited and 0.05ml of a 5.5 x 105 conidia ml-1 suspension was applied to each area. One bioassay was performed for each isolate. Germination was determined after 15 hours of incubation at 26±0.5°C. The culture media influenced the germination of the species studied, verifying within and inter specific variations. CM and PDA provided the highest germination of L. lecanii isolates and the lowest was obtained on SDAY and AW. The germination of B. bassiana isolates was favoured by CM, PDA and PDAY media, a fact not observed in AW and MM. P. fumosoroseus isolates showed the highest germination on CM and PDA media and the lowest on SDAY. However, some isolates presented high germination on nutrient-poor media (AW and MM.O presente trabalho objetivou investigar se meios de cultura utilizados em teste de viabilidade afetam a germinação de conídios de cinco isolados de Lecanicillium lecanii, cinco de Beauveria bassiana e quatro de Paecilomyces fumosoroseus. Os testes foram realizados em lâminas de microscopia contendo um dos seguintes meios de cultura: Ágar-água (AA, Meio Mínimo (MM, Batata, dextrose e ágar (BDA, Batata, dextrose, ágar e 1% de extrato de levedura (BDAL, Sabouraud, dextrose, ágar e extrato de levedura (SDAL e Meio Completo (MC. Delimitaram-se três áreas por lâmina e em cada uma aplicou-se 0,05mL de uma suspensão com concentração de 5,5 x 105 conídios ml-1. Para cada isolado foi realizado um bioensaio, com seis tratamentos e cinco repeti

  7. Incidência e viabilidade de sementes crioulas de milho naturalmente infestadas com fungos em pré e pós-armazenamento Incidence and viability of creole seeds of corn naturally infested with fungi in pre-and post-storage

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hugo Cesar Rodrigues Moreira Catão

    2013-05-01

    Full Text Available Objetivou-se com este trabalho avaliar a qualidade sanitária e fisiológica de quatorze variedades de sementes de milho crioulas em pré e pós-armazenamento em embalagens de polietileno tereftalato (PET. Houve efeito das variedades e das épocas de avaliações sobre a incidência de fungos e germinação. Dentre a micobiota observada, Fusarium moniliforme (88%, Penicillium spp. (6,9% e Aspergillus spp. (2,1% tiveram a maior porcentagem de incidência. Após o armazenamento, houve decréscimo de F. moniliforme (69% e aumento de Penicillium spp. (35% e Aspergillus spp. (22%. A incidência desses fungos não comprometeu a qualidade fisiológica das sementes, que apresentaram elevadas porcentagens de vigor e germinação.The objective of this study was to evaluate the sanitary and physiological quality of fourteen varieties of creole corn seeds in pre-and post-storage in packaging of polyethylene terephthalate (PET. Among the mycobiota observed Fusarium moniliforme (88%, Penicillium spp. (6,9% and Aspergillus spp. (2,1% had the highest incidence. After storage there was a slight decrease in the percentage of F. moniliforme (69% and a increase of Penicillium spp. (35% and Aspergillus spp. (22%. The incidence of these fungi did not compromise the physiological quality of seeds that showed high percentages of vigor and germination.

  8. Ácaros predadores e o fungo Neozygites floridana associados a tetraniquídeos em soja no Rio Grande do Sul Predatory mites and the fungus Neozygites floridana associated with spider mites on soybean, in Rio Grande do Sul, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Samuel Roggia

    2009-01-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi verificar a ocorrência de ácaros predadores e do fungo Neozygites floridana, associados a ácaros tetraniquídeos, em soja (Glycine max L., no Estado do Rio Grande do Sul. Entre 2003 e 2005, foram avaliadas amostras de folhas de soja das principais regiões produtoras do Estado. Essas amostras foram coletadas de diferentes posições da planta e aleatoriamente na lavoura. As espécies de ácaros predadores encontradas foram: Neoseiulus anonymus, N. californicus, Phytoseiulus fragariae, P. macropilis, Proprioseiopsis cannaensis e Galendromus annectens. O fungo N. floridana apresentou ampla distribuição e ocorreu em todas as espécies de tetraniquídeos encontradas: Mononychellus planki, Tetranychus desertorum, T. gigas, T. ludeni e T. urticae.The objective of this work was to verify the occurrence of predatory mites and the fungus Neozygites floridana, associated with spider mites in soybean (Glycine max L., in Rio Grande do Sul, Brazil. From 2003 to 2005, samples of soybean leaves from the most important soybean producing regions of the state were evaluated. These samples were collected from different positions of the plant and randomly in the field. The predatory mite species found were Neoseiulus anonymus, N. californicus, Phytoseiulus fragariae, P. macropilis, Proprioseiopsis cannaensis, and Galendromus annectens. The fungus N. floridana was widely distributed and occurred in all the spider mite species found: Mononychellus planki, Tetranychus desertorum, T. gigas, T. ludeni and T. urticae.

  9. Fungos micorrízicos arbusculares na formação de mudas de cafeeiro, em substratos orgânicos comerciais Arbuscular mycorrhizal fungi on the development of coffee plantlets using different organic substrates

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabrício Sales Massafera Tristão

    2006-01-01

    Full Text Available Realizou-se um experimento, em casa de vegetação, em arranjo fatorial 9 x 4, com o objetivo de avaliar o efeito de substratos orgânicos comerciais e inoculação de fungos micorrízicos arbusculares (FMAs no desenvolvimento de mudas de cafeeiro, cultivar 'Catuaí Amarelo', IAC 62. Utilizaram-se substratos à base de fibra de coco (Golden Mix 11, Golden Mix 47 e Golden Mix 80, casca de pinus (Rendmax, Vida Verde com adubação, Vida Verde sem adubação e Terra do Paraíso, solo puro e solo + esterco (70% e 30%,v/v, inoculando-se os FMAs Glomus intraradices, Glomus etunicatum e Gigaspora margarita. Manteve-se um tratamento sem inoculação. Aos 200 dias após transplante avaliaram-se: altura, diâmetro do caule, número de folhas, matéria seca da parte aérea, matéria fresca da raiz, teor de fósforo na parte aérea, colonização radicular, comprimento do micélio externo, atividade da fosfatase ácida e teores de pigmentos fotossintetizantes nas folhas do cafeeiro. Independentemente da micorrização, o melhor crescimento das mudas foi obtido no substrato Vida Verde sem adubação. Os melhores efeitos da micorrização foram constatados nas plantas colonizadas por G. margarita e crescidas nos substratos convencional (solo + esterco e Vida Verde com adubação, nas quais se verificaram mais eficácia na utilização de P, o que reverteu em maior crescimento e produção de biomassa, resultando em maior eficiência simbiótica. No substrato solo + esterco, a micorrização favoreceu a concentração de pigmentos fotossintetizantes e diminuiu a atividade da fosfatase ácida nas folhas do cafeeiro.A greenhouse experiment with an alleatory factorial 9 x 4 scheme was carried out to evaluate the effects of different substrates and species of arbuscular mycorrhizal fungi (AMF on the development of coffee plants, cultivar Catuaí Amarelo, IAC 62. Nine substrates were used: seven commercial organic substrates - four substrates containing composted

  10. Ação do fungo Beauveria bassiana, isolado 986, sobre o ciclo biológico do cascudinho Alphitobius diaperinus em laboratório Action of the fungus Beauveria bassiana, strain 986, over the biologic cycle of the Alphitobius diaperinus beetle in laboratory

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aleksandro Schafer da Silva

    2006-12-01

    Full Text Available O presente trabalho foi realizado para verificar a eficácia do fungo Beauveria bassiana em todas as etapas de desenvolvimento de Alphitobius diaperinus e assim saber em que fase ele é mais susceptível ao controle biológico. O fungo B. bassiana, isolado 986, foi testado em duas concentrações (3,4 X 10(6 e 3,4 X 10(8 conídios ml-1 mais um grupo controle. Foram realizadas duas leituras, uma sete e outra quatorze dias após a aplicação dos fungos. Na concentração 3,4 X 10(6, 54% dos ovos tratados estavam inférteis, ocorrendo 54% de mortalidade de larvas tratadas nos estádios I, II e III, 22,5% nos estádios IV, V e VI, 9,5% nos estádios VII e VIII e 24,5% de mortalidade das pupas. Na concentração 3,4 X 10(8, 66,8% dos ovos tratados estavam inviáveis, ocorrendo mortalidade de 56% das larvas tratadas nos estádios I, II e III, 34% nos estádios IV, V e VI, 24,5% nos estádios VII e VIII e 49,5% das pupas. Já no grupo controle, 13,3% dos ovos estavam inviáveis, ocorrendo mortalidade de 10% das larvas nos estádios I, II e III, 4% nos estádios IV, V e VI e 0% de mortalidade nos estádios VII, VIII e em pupas. Sobre o cascudinho adulto, o fungo não teve efeito nocivo em nenhum grupo analisado. Com base nesses resultados, observou-se que o fungo nas concentrações testadas apresentou efeito nocivo às fases do ciclo biológico do cascudinho, com exceção do inseto adulto.The present research was carried out to verify the Beauveria bassiana fungus efficacy in all development phases of Alphitobius diaperinus and to know in which phase it is more susceptible for biologic control. The B. bassiana, 986-isolated fungus, was tested in two different concentrations (3.4 x 10(6 and 3.4 x 10(8 conidium ml-1 and a control group. Two readings were realized, one after 7 days of fungus application and the other after 14 days. At concentration of 3.4 x 10(6 conidium ml-1, 54% of treated eggs were infertile, with larva death of 54% at I, II and III

  11. Ocorrência de fungos em sementes de soja produzidas sob calagem e adubação potássica residuais The residual effect of liming and potassium fertilization on the occurrence of fungi in soybean seeds

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    H.A.A. Mascarenhas

    1995-12-01

    Full Text Available Estudou-se o efeito residual da adubação potássica e da calagem sobre a ocorrência de fungos em sementes de soja. O experimento foi instalado com a cultivar IAC-17, no ano agrícola de 1991/92, aplicando doses a lanço de O, 3,5 e 7 t/ha de calcário dolomítico e de 0, 150, 300, 450 e 600 kg/ha de K2O. As sementes colhidas no terceiro ano de cultivo, (1993/94 foram submetidas ao teste de sanidade, pelo método do papel de filtro. Observou-se que a calagem reduziu significativamente a incidência de Phomopsis sp., favorecendo, no entanto, a presença de Aspergillus sp. e de Fusarium sp.. Embora não tenham sido detectadas diferenças significativas, nos tratamentos com calagem, verificou-se redução da incidência de Cercospora kikuchii, Colltotrichum dematium var. truncata e Peronospora manshurica. Apenas a incidência de Phomopsis sp. diminuiu significativamente devido à adubação potássica, sendo menor quando se utilizou a dose de 450 kg/ha de K2O.To study the residual effect of liming and potassium fertilizer on the occurrence of fungi in soybean seeds, an experiment was installed during the 1991/92 growing season, using 0, 3.5 and 7.0 t/ha of dolomitic lime and 0, 150, 300, 450 and 600 kg/ha of K2O in the form of potassium cloride. In 1993/94 (the third year, the harvested seeds were submitted to a seed health test (blotter method. The results showed that liming reduced significantly the incidence of Phomopsis sp. and increased the presence of Aspergillus sp. and Fusarium sp.. Although no significant differences were observed with liming, there was a reduction in the incidence of Cercospora kikuchii, Colletotrichum dematium var. truncala and Peronospora manshurica. Among the fungi found in the seeds, only Phomopsis sp. was significantly reduced by potassium fertilization, the least incidence being observed at the rate of 450 kg/ha.

  12. Caracterização fenotípica e molecular de esporos de fungos micorrízicos arbusculares mantidos em banco de germoplasma Phenotypic and molecular characterization of arbuscular mycorrhizal fungal spores from cultures maintained in germplasm collection

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cândido Barreto de Novais

    2010-08-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi caracterizar fenotípica e genotipicamente isolados de espécies de fungos micorrízicos arbusculares (FMA mantidos em cultura pura e avaliar a aplicabilidade da técnica PCR-DGGE desenvolvida para Gigaspora, na identificação molecular de espécies de FMA pertencentes a outros gêneros. A caracterização fenotípica das espécies foi realizada de acordo com critérios morfológicos, descritos pela taxonomia, e com uso de descrições originais das espécies presentes na literatura especializada. A análise genotípica foi feita com base na discriminação específica da região V9 do 18S rDNA, que permitiu a diferenciação das espécies e não revelou qualquer diferença entre os isolados geográficos de Glomus clarum, e entre os de Glomus etunicatum. Isto indica a aplicabilidade da técnica para a avaliação da pureza genética e discriminação de espécies de FMA.The objective of this work was to characterize phenotypically and genotypically isolates of arbuscular mycorrhizal fungi (AMF maintained in pure culture and to evaluate the applicability of PCR-DGGE analysis, developed for Gigaspora, for molecular identification of AMF species belonging to other genres. The species phenotypic characterization was done according to morphological criteria, as described by taxonomy, and according to original descriptions of species published in the specialized literature. The genotypic analysis was made through specific discrimination of the V9 region in the 18S rDNA, which allowed the distinction of species and showed no difference among geographical isolates of Glomus clarum, and among those of Glomus etunicatum. This indicates the applicability of this technique for assessment of genetic purity and discrimination of AMF species.

  13. Reação de linhagens de feijoeiro ao fungo Fusarium oxysporum f. sp. phaseoli em condições controladas Reaction of common bean lines to Fusarium oxysporum f. sp. phaseoli in controlled conditions

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mônica Juliani Zavaglia Pereira

    2011-10-01

    Full Text Available Entre os patógenos que mais contribuem para a redução da produtividade do feijoeiro no Brasil está o Fusarium oxysporum f. sp. phaseoli. O emprego de cultivares resistentes é o controle mais eficaz para esse patógeno. Conduziu-se este trabalho, com o objetivo de avaliar linhagens de feijoeiro (Phaseolus vulgaris L. do banco de germoplasma da Universidade Federal de Lavras (UFLA, quanto a reação ao Fusarium oxysporum f. sp. phaseoli e, ao mesmo tempo, estimar os parâmetros genéticos e fenotípicos que possam auxiliar em futuros programas de melhoramento para esse caráter. Foram avaliadas 367 linhagens em dez experimentos. As testemunhas 'Carioca' (suscetível e 'Carioca MG' (resistente foram utilizadas em todos os experimentos. O delineamento utilizado foi inteiramente ao acaso, com cinco repetições e parcelas de uma planta por vaso. As inoculações foram realizadas segundo a metodologia de corte e imersão de raízes na suspensão de esporos do fungo e as avaliações realizadas aos 21 dias após a inoculação com base no índice de severidade da doença empregando-se notas de 1 (plantas sem sintomas a 9 (plantas mortas.Das linhagens do banco de germoplasma da Universidade Federal de Lavras (UFLA avaliadas, 36,5% foram resistentes ao Fusarium oxysporum f. sp. phaseoli. Entre as resistentes, a maioria foi linhagens obtidas antes de 1990. Das 18 linhagens dos experimentos de VCU, do período de 2005/06, apenas quatro foram suscetíveis. A estimativa da herdabilidade (h² foi elevada (h² = 87%, indicando que, a princípio, o caráter é de fácil seleção.Among the pathogens that most contribute for reducing the productivity of beans in Brazil is the Fusarium oxysporum f. sp. phaseoli. The use of resistant cultivars is the most effective control for this pathogen. The aim of this study was to evaluate germoplasm bean (Phaseolus vulgaris L. lines of the Federal University of Lavras (UFLA as the reaction to the Fusarium oxysporum f

  14. Biomassa, atividade microbiana e fungos micorrízicos em solo de "landfarming" de resíduos petroquímicos Biomass, microbial activity and mycorrhizal fungi in landfarming soil of petrochemical wastes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alessandra M. de Paula

    2006-06-01

    Full Text Available Avaliaram-se, no presente trabalho, a biomassa microbiana, atividade heterotrófica e a ocorrência de fungos micorrízicos arbusculares (FMAs de um solo de área de "landfarming" de resíduo petroquímico durante 15 anos. Realizaram-se análises laboratoriais e ensaios em casa de vegetação para avaliar as condições biológicas do solo e o efeito da inoculação com FMAs (Glomus clarum e Paraglomus occultum no crescimento de seis espécies vegetais com potencial para estabelecimento nesses solos. A biomassa microbiana e os indicadores de atividade bioquímica (respiração basal, respiração induzida por substrato e qCO2 apresentaram-se em valores típicos de solos não contaminados, exceto para o qCO2, que foram bem elevados. Esses resultados indicam a presença de comunidades microbianas ativas mas se verificou baixa atividade das enzimas b-glicosidase, fosfatase ácida e urease, indicando interferências nos processos bioquímicos do solo o que poderá comprometer sua capacidade de transformar os resíduos. Verificou-se também a ocorrência abundante de FMAs em plantas espontâneas ou introduzidas. Foi notória a resposta positiva da inoculação com FMAs sobre o crescimento da alfafa, braquiária e sorgo, porém sem influência no crescimento do capim-elefante. Esses resultados apontam a existência de populações microbianas tolerantes aos componentes tóxicos dos resíduos petroquímicos aplicados continuamente ao solo estudado.In the present study the microbial biomass, heterotrophic activity and the occurrence of arbuscular mycorrhizal fungi (AMF were evaluated in soil samples from a landfarming area that has been used for petrochemical waste treatment for the last fifteen years. Laboratory analysis and greenhouse assays were conducted in order to evaluate soil biological conditions and the effects of inoculation with AMF (Glomus clarum and Paraglomus occultum on growth of six plant species with potential to establish in soil

  15. Fungos micorrízicos arbusculares em estéril revegetado com Acacia mangium, após mineração de bauxita Colonization of arbuscular mycorrhizae fungi in substrate, after bauxite mining, vegetated with Acacia mangium

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Lucy Caproni

    2005-06-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar a composição das comunidades de FMAs em áreas revegetadas com Acacia mangium após a mineração de bauxita na região de Porto Trombetas, PA. Foram coletadas amostras de solo compostas nos períodos seco e chuvoso, em áreas revegetadas com Acacia mangium, que receberam inóculos de Glomus clarum e Gigaspora margarita, com 1 e 5 anos de idade. Os solos foram revegetados sem a reposição do horizonte superficial orgânico. Os esporos dos fungos micorrízicos arbusculares (FMAs foram extraídos e identificados através de suas características morfológicas. Analisou-se a densidade de esporos e de espécies em cada amostra, a densidade relativa e a freqüência de ocorrência de cada espécie por período de amostragem, além do índice de abundância e freqüência (IAF. Sob o plantio de mudas de A. mangium, a densidade de esporos de FMAs foi elevada e aumentou com a idade, enquanto o número de espécies não variou. Glomus clarum produz alta densidade de esporos na fase inicial do plantio e declina com o tempo, e Gigaspora margarita não esporula nas condições edafoclimáticas locais. A maioria das espécies de FMA não apresenta o mesmo padrão de esporulação nos períodos seco e chuvoso.The objective of this work was to monitor the establishment of Gigaspora margarita and Glomus clarum in reclaimed areas after the bauxite mining in Porto Trombetas, PA, Brazil. Soil samples were collected during the dry and rainy periods under one and five-year-old Acacia mangium trees grown from seedlings that had been inoculated with Glomus clarum and Gigaspora margarita. The exposed subsoil was managed without replacing the organic soil layer. FMA spores were extracted and identified through their morphologic characteristics. Spore density and frequency of each species were determined in each sampling The index of abundance and frequency (IAF were estimated for all samples. Under A. mangium the arbuscular

  16. The effects of arbuscular mycorrhizal fungi inoculation on Euterpe oleracea mart. (açaí seedlings Efeitos da inoculação de fungos micorrízicos arbusculares em mudas de Euterpe oleracea mart. (açaí

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elizabeth Ying Chu

    1999-06-01

    Full Text Available With the objective of verifying the response of Euterpe oleracea seedlings to seven arbuscular mycorrhizal fungi species, an experimental trial was carried out under greenhouse conditions. Seeds of E. oleracea were sown in carbonized rice husk. Germinating seeds were initially transferred to plastic cups, containing fumigated Reddish Yellow Quartz Sand and inoculated with arbuscular mycorrhizal fungi. Two months later, seedlings were transferred to 2 kg black plastic bags, containing the same soil without fumigation. Plant growth and mineral nutrients were evaluated nine months after mycorrhizal inoculation. Differential effects were observed among the species tested, with Scutellispora gilmorei being the most effective ones in promoting growth and nutrient content of E. oleracea seedlings. The increment resulted from inoculation with S. gilmorei were 92% in total plant height, 116% in stem diameter, 361% in dry matter production, 191% in N, 664% in P, 46% in K, 562% in Ca, 363% in Mg and 350% in Zn contents, comparing to uninoculated controls. Infected root length was positively correlated to nutrient content and plant growth. It was concluded that growth and nutrient uptake of E. oleracea seedlings could be significantly improved by inoculation of effective arbuscular mycorrhizal fungi.Com objetivo de verificar a resposta das plântulas de Euterpe oleracea Mart. à inoculação de sete espécies de fungos micorrízicos arbusculares, foi realizado um experimento em casa de vegetação. Sementes de E. oleracea germinadas em casca de arroz carbonizada foram inicialmente transferidas para copos de plástico contendo Areia Quartzosa Vermelho-Amarela fumigada, e nelas inoculados fungos micorrízicos arbusculares. Dois meses depois, as plântulas foram repassadas para sacos de plástico preto contendo o mesmo solo, sem fumigação. Foram avaliados o crescimento e a nutrição mineral das plantas nove meses após a inoculação. Efeitos diferenciados

  17. Fungos conidiais associados ao folhedo de Clusia melchiorii Gleason e C. nemorosa G. Mey. (Clusiaceae em fragmento de Mata Atlântica, BA, Brasil Conidial fungi associated to leaf litter of Clusia melchiorii Gleason and C. nemorosa G. Mey (Clusiaceae in a fragment of Atlantic rainforest, Bahia State, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Flávia Rodrigues Barbosa

    2009-03-01

    Full Text Available Visando ampliar o conhecimento sobre diversidade de fungos conidiais, 10 folhas mortas de três indivíduos de C. melchiorii e de C. nemorosa foram coletadas bimestralmente na Serra da Jibóia, Bahia, no período de outubro/2005 a junho/2006. As folhas foram lavadas em água corrente e mantidas em câmara-úmida durante 30 dias. As estruturas fúngicas foram retiradas para estudo morfológico. Foram identificados 79 táxons de Ascomycota na forma anamórfica. Destes, 78 são hifomicetos e um celomiceto. Do total, 87% ocorreram sobre C. melchiorii e 55% sobre C. nemorosa. A maioria dos fungos apresentou freqüência esporádica e constância acidental. As espécies mais freqüentes foram: Beltrania rhombica Penz., Chaetopsina fulva Rambelli, Dactylaria ficusicola Paulus, Gadek & Hyde, Verticillium theobromae (Turconi Mason & Hughes e Volutella sp. 1 (sobre C. melchiorii e Atroseptaphiale flagelliformis Matsush., Pseudobeltrania sp., Zygosporium gibbum (Sacc., Rousseau & Bommer Hughes, Verticillium theobromae (Turconi Mason & Hughes e Volutella sp. 1 (sobre C. nemorosa. A similaridade de fungos entre as duas espécies de Clusia atingiu 60% e 11 táxons foram constantes nos dois hospedeiros: Atrosetaphiale flagelliformis, Beltraniella portoricensis (Stevens Piroz. & Patil, Chalara alabamensis Jones & Ingram., Cryptophiale kakombensis Piroz., Parasympodiella laxa (Subram. & Vittal, Speiropsis scopiformis Kuthub. & Nawawi, Thozetella cristata Piroz. & Hodges, Umbellidion radulans Sutton & Hodges, Verticillium theobromae, Volutella sp. 2 e Zygosporium gibbum. Os dados mostram que o folhedo produzido por C. melchiorii e C. nemorosa, na Serra da Jibóia, é rico em fungos conidiais. Esses fungos, como decompositores, são importantes para a dinâmica do ecossistema estudado.In order to increase the diversity knowledge of conidial fungi, 10 dead leaves from three individuals of C. nemorosa and C. melchiorii were bimonthly collected at the "Serra da Jib

  18. OCCURRENCE OF LEAF SPOTS CAUSED BY FUNGI AND A BACTERIUM ON COTTON CULTIVARS OCORRÊNCIA DE MANCHAS FOLIARES CAUSADAS POR FUNGOS E BACTÉRIA EM CULTIVARES DE ALGODOEIRO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Miguel Ferreira Soria

    2008-11-01

    Full Text Available

    The cotton leaf spot diseases caused by fungi and bacteria are a growing problem, leading to an increasing use of fungicides. During the 2000/2001 and 2001/2002 growing seasons, field experiments were carried out in a randomized block design, with five replications, aiming to evaluate the behavior of the cotton cultivars Ita-90, CD-401, CD-402, CD-403, CD-404, Fibermax 986, DeltaOpal, and Facual, as related to leaf spot diseases caused by Stemphylium spp., Alternaria spp., Ramularia areola, and the bacterium Xanthomonas axonopodis pv. malvacearum. The cotton cultivars Ita-90 and Facual were the less susceptible to the Stemphylium/Alternaria complex and R. areola. However, Ita-90 was more susceptible to X. axonopodis pv. Malvacearum. The cultivars with the least incidence of X. axonopodis were CD-403, Fibermax 986, and DeltaOpal. The cotton cultivar Facual presented the lowest yield, while the remaining cultivars showed similar yields.

    KEY-WORDS: Xanthomonas axonopodis pv. Malvacearum; Stemphylium spp; Alternaria spp; Ramularia areola.

    As manchas foliares causadas por fungos e bactérias no algodoeiro são um problema cada vez mais grave, levando à utilização, cada vez maior, de fungicidas para controlá-las. Nas safras de 2000/2001 e 2001/2002, foram realizados experimentos m campo, em delineamento de blocos ao acaso, com cinco epetições, objetivando avaliar o comportamento das

  19. Pré-enraizamento de mudas de mandioquinha-salsa em diferentes bandejas e substratos com fungos micorrízicos arbusculares Pre-rooting of rhizomes of peruvian carrot in different trays and substrates with arbuscular micorrhizal fungi

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carla Andréia da Cunha Martins

    2007-02-01

    Full Text Available Realizou-se este trabalho com o objetivo de estudar a colonização radicular por fungos micorrízicos arbusculares (FMAs no período de pré-enraizamento da mandioquinha-salsa (Arracacia xanthorrhiza Bancroft. Os tratamentos constaram de dois substratos e dois tamanhos de bandeja de isopor. Utilizou-se um substrato comum constituído de 30% de composto orgânico, 30% de solo argiloso e 30% de areia e um substrato comercial Plantmax® Hortaliças; os tamanhos de bandejas de isopor foram: 128 células/bandeja (38 cm³ por célula e 200 células/bandeja (18 cm³ por célula. Efetuou-se uma inoculação mista de FMAs com solo inóculo composto pelas espécies Gigaspora margarita e Glomus clarum. Houve em ambos os substratos restrita resposta à inoculação dos FMAs, pela baixa colonização radicular, variando de 0,63 a 2,14% no substrato comercial e 7,93 a 15,09% no substrato comum. O substrato comum não apresentou características físicas desejáveis (aeração e drenagem para um bom desenvolvimento das raízes de mandioquinha-salsa durante a fase de pré-enraizamento. O substrato comercial apresentou maiores médias para a variável área e comprimento radicular em todas as coletas. A área radicular variou de 21,50 cm² com 30 DAP a 68,22 cm² com 60 DAP, enquanto o comprimento radicular variou de 2,64 m com 30 DAP a 12,64 m com 60 DAP. A bandeja de 200 células (18 cm³ célula/bandeja não foi adequada para a produção de mudas de mandioquinha-salsa.The objective of the work was to study the root colonization by arbuscular micorrhizal fungi (AMF during the development of Peruvian carrot rhizomes (Arracacia xanthorrhiza Bancroft. The treatments consisted of two substrates and two polystyrene trays sizes. A common substrate constituted of 30% of organic compost, 30% of loamy soil and 30% of sand, and a commercial substrate "Plantmax® Hortaliças"; and polystyrene trays sizes of 128 cells/tray (38 cm³ per cell and 200 cells/tray (18 cm

  20. Fungi associated to bark lesions of Eucalyptus globulus stems in plantations from Uruguay Fungos asociados as lesões da casca do caule de Eucalyptus globulus em plantações no uruguai

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Raquel Alonso

    2009-08-01

    Full Text Available Trees with stem bark lesions are frequently observed in Eucalyptus globulus Labill. plantations, particularly in the central west region of Uruguay. These lesions constitute a problem for trunk decortications at harvest and they also facilitate the access of fungi that could cause wood decay. Seven, three and oneyear-old plantations, located at three sites in close proximity were selected. Four types of trunk lesions were present in trees regardless the age of plantation and more than one type was found in each plantation. The aim of this study was to investigate the fungal composition associated with these lesions and compare them to healthy tissues and try to find out the origin of these symptoms. Another purpose was to elucidate the real role of the fungi considered pathogens by means of experimental inoculations. Segments from lesions and healthy tissues yielded 897 fungal isolates belonging to 32 taxa, 681 isolates from bark lesions and 216 from healthy tissues. Both healthy and symptomatic tissues showed similar fungal species composition, but with differences in frequencies of colonization. Cytospora eucalypticola Van der Westhuizen, Botryosphaeria spp., Pestalotiopsis guepinii (Desm. Stey. and Penicillium spp. were the dominant species isolated. As symptoms were not reproduced after experimental inoculation with Botryosphaeria ribis Grossenb. & Duggar and B. eucalyptorum Crous, & M.J. Wingf, it could be suggested that these lesions were originated by unfavorable environmental conditions. The frost that occurred for several days out of season and flooding may have been involved in the development of bark lesion.As lesões na casca de Eucalyptus globulus Labill. são frequentemente observadas nas plantações da Região Centro-Oeste do Uruguai. Constituem problema para o descortiçamento na colheita e, além disso, facilita a penetraçao de fungos apodrecedores da madeira. Selecionaram-se plantações com 1, 3 e 7 anos de idade, em tr

  1. EFEITO DE FUNGOS MICORRÍZICOS ARBUSCULARES NO DESENVOLVIMENTO DE DUAS LEGUMINOSAS ARBÓREAS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Magda Lea Bolzan Zanon

    1999-06-01

    Full Text Available Em casa de vegetação do Centro Nacional de Pesquisa de Agrobiologia (CNPAB/EMBRAPA, foi avaliado o efeito da inoculação de fungos micorrízicos arbusculares (FMA na produção de Peltogyne venosa e Sclerolobium paniculatum. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado com 4 tratamentos: (Glomus clarum Nicolson & Schenk, Gigaspora margarita Becker Hall, fungos nativos e testemunha - sem inoculação e 25 repetições. Aos 168 dias após a germinação, observou-se que os tratamentos não influenciaram no crescimento das mudas, com exceção de P. venosa inoculadas com G. margarita tiveram uma maior produção de peso seco de raízes finas. Mudas de P. venosa e S. paniculatum inoculadas com G. clarum, fungos nativos respectivamente, tiveram as maiores percentagens de colonização micorrízica. Em ambas as espécies estudadas, as maiores percentagens de sobrevivência foram em mudas inoculadas com fungos nativos.

  2. Inoculação de fungos micorrízicos arbusculares em porta-enxerto de pessegueiro cv Okinawa Inoculation of arbuscular mycorrhizal fungi in peach rootstock cv Okinawa

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Luis da Silva Nunes

    2008-12-01

    Full Text Available O presente estudo teve por objetivo avaliar a influência da inoculação de fungos micorrízicos arbusculares (FMA sobre o crescimento vegetativo, conteúdo de macronutrientes e de substâncias de reserva de plantas do porta-enxerto de pessegueiro cv Okinawa. O experimento foi realizado em telado, e o delineamento experimental utilizado foi o de blocos casualizados, com 20 plantas por parcela e quatro repetições. Foram testadas três espécies de FMA (Acaulospora sp., Glomus clarum e Glomus etunicatum e um tratamento-testemunha, não-inoculado. A altura, o diâmetro, a área foliar, as biomassas fresca e seca, o conteúdo de macronutrientes e de substâncias de reserva foram avaliados aos 360 dias após a semeadura. Todas as plantas inoculadas com FMA apresentaram maior altura e diâmetro, quando comparadas à testemunha, sendo que Acaulospora sp. promoveu as melhores respostas. Glomus clarum e Glomus etunicatum induziram um crescimento intermediário às plantas. Os FMAs proporcionaram aumento na absorção de nitrogênio, fósforo e potássio, associados à maior altura, diâmetro do colo, área foliar, biomassa fresca e seca da parte aérea e seca das raízes, quando comparadas à testemunha. Todas as plantas inoculadas com FMA tiveram altas taxas de colonização, acima de 90%, sendo que Acaulospora sp. colonizou mais intensamente o sistema radicular das plantas.The present study aimed to evaluate the influence of the arbuscular mycorrhizal fungi (AMF inoculation on the vegetative growth, macronutrients and carbohydrate contents in rootstock plants of peach 'Okinawa'. The experiment was realized at greenhouse conditions and a randomized block design was applied, with 20 plants per plot and four repetitions. Three AMF species (Acaulospora sp., Glomus clarum e Glomus etunicatum and non-inoculated treatment were tested. The stem height and diameter, foliage area, fresh and dry biomass, macronutrients and carbohydrate contents were evaluated

  3. Absorção de fósforo em doze genótipos de milho inoculados com fungo micorrízico arbuscular em solo de cerrado Phosphorus absorption in twelve corn genotypes inoculated with arbuscular mycorrhizal fungus in cerrado soil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edésio Fialho dos Reis

    2008-12-01

    Full Text Available Este trabalho foi realizado com o objetivo de avaliar a eficiência de absorção de fósforo em doze genótipos de milho na presença e na ausência de inoculação com fungo micorrízico arbuscular. Para tanto, foi instalado um experimento em casa de vegetação no Centro de Ciências Agrárias e Biológicas da Universidade Federal de Goiás, em Jataí, Goiás, com delineamento em blocos ao acaso com três repetições em fatorial 12x2x2. Os genótipos foram: AG9010, P30K75, AG8060, P30P70, AG405, P30F33, AG7000, BANDEIRANTE, EMGOPA501, BALU178, DINA657 e 2C599, cultivados sob duas doses de fósforo (10 e 100mg kg-1 de P na solução do solo na presença ou na ausência de micorrização com Glomus etunicatum. Foi verificada diferença entre os genótipos na produção de matéria seca na raiz, na razão entre matéria seca na raiz e matéria seca na parte aérea, na colonização com fungo micorrízico e na razão fósforo acumulado na parte aérea por matéria seca na raiz. A micorrização alterou a classificação dos genótipos quanto à produção de matéria seca de parte aérea sob baixo P e à resposta ao aumento do suprimento de P.The aim of this research was to evaluate the efficiency of phosphorus absorvation in twelve corn genotypes. The study was performed in presence and absence of arbuscular mycorrhizal fungus inoculation. The experiment took place at the Agrarian and Biological Center greenhouse, in the Federal University of Goiás, Jataí, Brazil. The genotypes were randomly distributed in blocks with three replicates in a 12x2x2 factorial. The genotypes were AG9010, P30K75, AG8060, P30P70, AG405, P30F33, AG7000, BANDEIRANTES, EMGOPA501, BALU178, DINA657, 2C599, cultivated under two doses of phosphorus (10 and 100mg kg-1 of P in soil solution in presence or absence of Glomus etunicatum mycorrization. The study verified the difference among genotypes in dry root matter production. The ratio among root dry and shoot dry matter

  4. Crop rotation biomass and arbuscular mycorrhizal fungi effects on sugarcane yield Produção de biomassa e presença de fungos micorrízicos arbusculares em culturas utilizadas em rotação com a cana-de-açúcar

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edmilson José Ambrosano

    2010-12-01

    Full Text Available A cana-de-açúcar (Saccharum spp. vem sendo cultivada no Brasil para produção de açúcar e agroenergia. Em seu sistema de produção, após um ciclo de 4 a 8 anos, é possível a rotação com plantas de cobertura, antes do seu replantio, para melhoria do solo e geração de renda. Estudou-se a caracterização e produtividade de biomassa de leguminosas (como adubos-verdes e girassol (Helianthus annuus L., a ocorrência natural de micorrizas, o teor de açúcar e a produtividade em colmos da cana-de-açúcar IAC 87-3396 e a viabilidade econômica desse sistema com cultivo após as opções de rotação, com quantificação da produtividade durante três cortes consecutivos. O amendoim (Arachis hypogaea L. cv. IAC-Caiapó, girassol cv. IAC-Uruguai e mucuna-preta (Mucuna aterrimum Piper and Tracy foram as culturas que apresentaram maior percentagem de colonização por fungos micorrízicos. O girassol foi a planta de cobertura que mais extraiu nutrientes do solo, seguido por amendoim (Arachis hipogaea L. cv. IAC-Tatu e feijão-mungo (Vigna radiata L. Wilczek. A colonização por fungos micorrízicos mostrou correlação positiva com a altura de plantas de cana no primeiro corte (p = 0,01 e R = 0,52, mas não se correlacionou com a produtividade de colmos ou açúcar. No primeiro corte, o girassol foi a cultura de rotação que ocasionou o maior aumento de produtividade, da ordem de 46% em colmos e de 50% na quantidade de açúcar, em comparação com a testemunha. Com exceção dos amendoins, todas as culturas em rotação aumentaram a renda líquida do sistema na média de três cortes de cana-de-açúcar.Sugarcane (Saccharum spp. is an important crop for sugar production and agro-energy purposes in Brazil. In the sugarcane production system after a 4- to 8-year cycle crop rotation may be used before replanting sugarcane to improve soil conditions and give an extra income. This study had the objective of characterizing the biomass and the

  5. Sobrevivência de fungos fitopatogênicos habitantes do solo, em microcosmo, simulando solarização com prévia incorporação de materiais orgânicos Survival of soilborne plant pathogenic fungi in soil solarization simulation (microcosm associated with the incorporation of organic materials

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Márcia Michelle de Queiroz Ambrósio

    2009-02-01

    Full Text Available Os fungos fitopatogênicos habitantes do solo podem sobreviver por vários anos nesse ambiente por meio de estruturas de resistência, causando perdas em muitas culturas, por vezes, inviabilizando o pleno aproveitamento de vastas áreas agrícolas. O uso de materiais orgânicos no solo consorciado com a técnica de solarização propicia a retenção de compostos voláteis fungitóxicos emanados da rápida degradação dos materiais e que são letais a vários fitopatógenos. O objetivo deste experimento foi à prospecção de novos materiais orgânicos que produzissem voláteis fungitóxicos capazes de controlar fungos fitopatogênicos habitantes do solo, em condições de associação com a simulação da técnica de solarização (microcosmo. Portanto, o presente trabalho consistiu de seis tratamentos (Solarizado; Solarizado+Brócolos; Solarizado+Eucalipto; Solarizado+Mamona; Solarizado+Mandioca e Laboratório e cinco períodos (0, 7, 14, 21 e 28 dias para avaliar a sobrevivência de quatro fungos de solo (Fusarium oxysporum f. sp. lycopersici Raça 2; Macrophomina phaseolina; Rhizoctonia solani AG-4 HGI e Sclerotium rolfsii. Em cada uma das duas câmaras de vidro (microcosmo por dia avaliado continha uma bolsa de náilon contendo as estruturas de resistência de cada fitopatógeno. Estruturas dos fitopatógenos foram mantidas também em condições de laboratório como referencial de controle. Todos os materiais quando associados à simulação da solarização propiciaram o controle de todos os fitopatógenos estudados, entretanto, foi observado variação no controle dos fungos. O tratamento que apenas simulou a solarização não controlou nenhum fitopatógeno.Soilborne phytopathogenic fungi can survive for several years in Laboratory and five periods (0, 7, 14, 21 and 28 days to evaluate soil through resistance structures and it causes losses in several crops the survival of four soil fungi (Fusarium oxysporum f. sp. lycopersici making

  6. Comparação de métodos para a observação de fungos micorrízicos arbusculares e endofíticos do tipo dark septate em espécies nativas de Cerrado Comparision of methods to visualise arbuscular mycorrhizal and dark septate endophytic fungi in native Cerrado species

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kelly da Silva Coutinho Detmann

    2008-10-01

    Full Text Available As espécies vegetais de Cerrado sensu stricto apresentam estratégias adaptativas às condições edáficas e climáticas de altos investimentos em fotoassimilados, nutrientes e água para sua estruturação. A simbiose entre fungos e raízes de plantas é uma importante adaptação radicular que auxilia as plantas na absorção de nutrientes e água do solo, sendo determinantes para a sobrevivência no Cerrado. Com o objetivo de estudar fungos micorrízicos arbusculares (FMAs e fungos endofíticos do tipo dark septate (DSEFs nas raízes de algumas espécies arbóreas e herbáceas, nativas do Cerrado sensu stricto, foram testados diferentes métodos para melhor observação das estruturas fúngicas em simbiose. O melhor método de clarificação foi observado quando as raízes foram autoclavadas a 121 °C em KOH 2 %, por 20 min, e com a subseqüente transferência para solução nova de KOH 2 %, por 24 h, em temperatura ambiente. Este procedimento foi repetido e, em seguida, essas amostras foram imersas em H2O2 2 % por 2 h. Os arbúsculos foram observados com maiores detalhes após a inclusão em resina, seccionamento e coloração com azul-de-toluidina. Todas as espécies avaliadas encontravam-se colonizadas por FMAs, e apenas em Xylopia aromatica não se observaram os DSEFs. As espécies herbáceas apresentaram maiores freqüências de colonização micorrízica do que as arbóreas. O caráter generalista dos FMAs e DSEFs observado nas espécies vegetais do Cerrado sensu stricto sugere a importância dessas simbioses como mecanismo adaptativo às condições de Cerrado.Plant species in sensu stricto Cerrado have adaptive strategies to soil and climatic adversities that require high investment of nutrients, water and photoassimilates. The mutualistic fungi - plant root symbiosis is an important adaptation by which plants can improve soil nutrients and water acquisition and it can be determinant for plant survival in Cerrado conditions. The aim

  7. Crescimento e absorção de fósforo em plantas de Eucalyptus grandis associadas a fungos micorrízicos em diferentes doses de fósforo e potenciais de água do solo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M. F. Fernandes

    1999-09-01

    Full Text Available Avaliaram-se a produção de parte aérea (MS, a absorção (CP e a eficiência de utilização de fósforo (EUP por plantas de Eucalyptus grandis inoculadas com Glomus etunicatum (Ge e, ou, Pisolithus tinctorius (Pt, em diferentes combinações entre doses de P e potenciais hídricos do solo (ψ, utilizando-se técnica de raízes subdivididas em vasos geminados, em casa de vegetação. Um dos vasos do conjunto geminado continha os tratamentos em arranjo fatorial de duas doses de P (P60 e P120, correspondentes a adições de 60 e 120 mg dm-3 de solo, três ψ (-10, -40 e -300 kPa e quatro tratamentos com inóculos fúngicos (não inoculado, Ge, Pt, Ge + Pt. Outro vaso do conjunto continha 4,5 litros de solução nutritiva, sem P. Independentemente da dose de P adicionada, a colonização por Ge foi reduzida com a diminuição do ψ. Quanto à colonização por Pt, observou-se ausência de resposta a ψ em P60 e aumento em P120. A colonização ectomicorrízica foi reduzida quando Pt foi inoculado concomitantemente a Ge. Aumentos do CP, em função do incremento do ψ, foram observados em P60 e P120. No entanto, MS e EUP responderam positivamente à elevação de ψ apenas em P120. A inoculação isolada com Ge não apresentou efeito sobre as plantas, nas combinações entre ψ e P. A colonização por Pt apresentou efeitos diferenciados sobre as plantas, dependendo das condições de ψ e P no solo. Na combinação P60 e -300 kPa, correspondente à situação de menor disponibilidade de P, observou-se efeito deletério da colonização por Pt, isolada ou concomitantemente com Ge, sobre a EUP das plantas. Efeitos positivos da inoculação isolada com Pt sobre o CP foram observados nas combinações entre P120 e ψ de -10 kPa e -40 kPa, embora apenas na segunda situação este maior CP tenha sido acompanhado de incremento da MS.

  8. Incidence of seedborne fungi on pink trumpet tree (Tabebuia impetiginosa and yellow poui (Tabebuia ochracea in Roraima = Incidência de fungos associados a sementes de ipê-rosa (Tabebuia impetiginosa e ipê-amarelo (Tabebuia ochracea em Roraima

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jefferson Fernandes do Nascimento

    2012-04-01

    Full Text Available The objective of this study was to identify and quantify fungi associated with seeds ipe-pink (Tabebuia impetiginosa, yellow-ipe (Tabebuia ochracea and evaluate the effects of aseptic seed germination and seed seeding. The experiment was done at the Laboratory of Plant Science Center of Agrarian Sciences, Federal University of Roraima. Samples of ipê yellow and pink ipe were collected and extracted from fruits harvested in the urban area of the city of Boa Vista - RR. Each sample was divided into two sub-samples, treated and untreated, and were then submitted to germination and health analyses. The filter paper method was used for the health test where contaminated seeds were analyzed for the detection and identification of fungi. For the germination test method was also the filter paper, obtained the germination rate, rate of plants with lesions, number of seeds germinated and the rate of non-germinated seeds that had fungus. The results were subjected to variance analysis and when significant, means were compared by the Tukey test at 5% probability. The experimental design was completely randomized with four replications of 50 seeds for each treatment. Asepsis with 70% alcohol for a minute then with sodium hypochlorite (NaClO to 2% for three minutes was positive for the elimination of fungi on seeds of ipe-yellow and ipe-pink, it favored germination and decreases the rate of seedlings with lesions. = Objetivou-se com o presente trabalho identificar e quantificar os fungos associados às sementes de ipê-rosa (Tabebuia impetiginosa, ipê-amarelo (Tabebuia ochracea e avaliar o efeito da assepsia das sementes na germinação e na plântula. O Experimento foi realizado no Laboratório de Fitotecnia do Centro de Ciências Agrárias da Universidade Federal de Roraima. Foram coletadas amostras de sementes de ipê-amarelo e ipê-rosa extraídas de frutos colhidos na área urbana do Município de Boa Vista - RR. Cada amostragem foi dividida em duas

  9. Efeito de fungos micorrízicos arbusculares no crescimento de mudas de Leucaena leucocephala (Lam. de Wit. em solos de caatinga sob impacto de mineração de cobre Effect of arbuscular mycorrhizal fungi on growth of Leucaena leucocephala (Lam. de Wit. seedlings on caatinga soils degraded by copper mining

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cláudia Elizabete de Lima Lins

    2007-04-01

    Full Text Available Os fungos micorrízicos arbusculares (FMA podem conferir às plantas maior tolerância a metais pesados e têm sido indicados para uso em processos de revegetação. Foi avaliado o efeito de FMA no crescimento de mudas de Leucaena leucocephala (leucena, em solos de áreas de caatinga impactados por mineração de cobre (Mineradora Caraíba, Município de Jaguarari, Bahia. O delineamento foi do tipo inteiramente casualizado, em arranjo fatorial 3 × 4, correspondendo ao substrato das áreas de empréstimo (local em que a camada superficial do solo foi removida e de rejeito de cobre, ao solo de caatinga preservada e a quatro tratamentos de inoculação (controle não-inoculado, inoculado com Glomus etunicatum, com Acaulospora longula e com a mistura dos dois fungos, com cinco repetições. Independentemente do tratamento de inoculação, o substrato da área de empréstimo mostrou-se mais indicado para o preparo de mudas de leucena, enquanto o da área de rejeito foi inviável para o cultivo dessa planta e estabelecimento da associação micorrízica. Embora infectivo, G. etunicatum foi ineficiente em promover o crescimento de leucena nas áreas impactadas, enquanto os FMA nativos, A. longula e a mistura dos fungos contribuíram para o desenvolvimento das mudas.The arbuscular mycorrhizal fungi (AMF can promote plant tolerance to heavy metals and have been indicated for use in revegetation processes. The effect of native and introduced AMF on the growth of seedlings of Leucaena leucocephala on soils of caatinga biome impacted by copper mining (Mineração Caraíba, Jaguarari Municipality, Bahia State was evaluated. The experiment was set up in a complete randomized design, in a 3 × 4 factorial arrangement, considering soil from preserved caatinga and substrates of a site from which the topsoil was removed and a site which received copper waste; and four inoculation treatments (uninoculated control, inoculated with Glomus etunicatum, Acaulospora

  10. Fungos micorrízicos arbusculares em rizosferas de três espécies de fitobiontes instaladas em área de mata ciliar revegetada Arbuscular mycorrhizal fungi in rhizospheres of three phytobionts established in a revegetated riparian area

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosilaine Carrenho

    2001-04-01

    Full Text Available Com o objetivo de avaliar o comportamento das espécies de fungos micorrízicos arbusculares (FMA estabelecidas em áreas revegetadas de mata ciliar, foram coletadas amostras de solo rizosférico de Croton urucurana Baill., Inga striata Willd. e Genipa americana L. Estas plantas são indígenas em matas ciliares, sendo a primeira considerada pioneira, a segunda, secundária inicial e a terceira, espécie clímax. Vinte e duas espécies de FMA foram identificadas. O maior número de espécies foi observado em rizosferas de C. urucurana e I. striata (15 espécies, enquanto o maior número de esporos foi observado em rizosferas de G. americana (511 esporos/100g solo. Glomus apresentou o maior número de espécies (10, seguindo-se de Acaulospora (6, Scutellospora (4, Gigaspora e Entrophospora (cada com uma espécie. Quanto à freqüência das espécies, G. macrocarpum Tul. & Tul. ocorreu em maior número de amostras em Croton; G. claroideum Schenck & Smith, G. etunicatum Becker & Gerd., G. macrocarpum e G. occultum Walker predominaram em Genipa, e E. kentinensis Wu & Liu, G. etunicatum e G. macrocarpum, em Inga. Concluiu-se que o número de esporos de FMA tende a aumentar com o estádio sucessional, enquanto os índices diversidade, riqueza e equabilidade de espécies de Glomales tendem a diminuir nas comunidades estabelecidas nas rizosferas da espécie clímax.To evaluate the specific composition of arbuscular mycorrhizal fungi (AMF established in recomposed areas of gallery forest, samples of rhizospheric soil were collected from Croton urucurana Baill., Inga striata Willd. and Genipa americana L. These plants are indigenous in gallery forests, being the first considered as pioneer, the second as early secondary and G. americana as climax, according to the successional stages. Twenty-two species of AMF were identified. The highest richness was observed in rhizospheres of C. urucurana and I. striata (15 species, while the highest number of spores

  11. Crescimento, esporulação e viabilidade de fungos entomopatogênicos em meios contendo diferentes concentrações do óleo de nim (Azadirachta indica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marques Renata Paro

    2004-01-01

    Full Text Available A associação de extratos de origem vegetal com fungos entomopatogênicos pode aumentar a eficiência do controle biológico de pragas, reduzir custos e impactos ambientais. No presente trabalho, avaliou-se, através da concentração inibitória mínima, o efeito do óleo de nim (NIM-I-GO sobre o crescimento, esporulação e viabilidade de Metarhizium anisopliae, Beauveria bassiana e Paecilomyces farinosus. Utilizou-se o meio BDA, contendo diferentes concentrações de óleo de nim (C1: 5% de óleo de nim, e sucessivamente concentrações iguais a fraction one-half da concentração anterior, até C11: 0,0048% de óleo de nim. O óleo de nim reduziu o crescimento de colônias de B. bassiana e P. farinosus, que não diferiram significativamente do controle apenas na concentração C11, mas para M. anisopliae o mesmo efeito foi observado com 0,039% de óleo de nim (C8. A esporulação também foi significativamente reduzida pelo óleo de nim, exceto na concentração C11 para B. bassiana; contudo, não se verificou efeito do óleo na viabilidade de esporos dos fungos.

  12. Crescimento e composição mineral da menta em resposta à inoculação com fungos micorrízicos arbusculares e adubação fosfatada Growth and mineral composition of mint in response to arbuscular mycorrhizal fungi inoculation and phosphorus fertilization

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marta Simone M Freitas

    2006-03-01

    Full Text Available Foram avaliados os efeitos de fungos micorrízicos arbusculares (FMA no crescimento e composição mineral de Mentha arvensis L., cultivada com diferentes doses de fósforo. O experimento foi realizado em casa de vegetação e o delineamento estatístico utilizado foi de blocos ao acaso, num fatorial 5x4, sendo cinco tratamentos microbiológicos (controle, Glomus clarum, Glomus etunicatum, Gigaspora margarita e Acaulospora scrobiculata e quatro doses de P (0; 50; 100 e 200 mg kg-1, com quatro repetições. As plantas foram colhidas na fase de floração, aos 65 dias após o plantio. Verificou-se que, na ausência de P, os fungos Glomus clarum e Gigaspora margarita apresentaram maiores percentagens de colonização micorrízica nas raízes e proporcionaram aumentos de 330 e 334% na matéria seca foliar, de 143 e 123% no conteúdo de N, de 224 e 124% no conteúdo de P e de 139 e 142% no conteúdo de K, respectivamente. Os FMA não influenciaram os conteúdos de Ca, Mg, S, Fe e Zn na matéria seca foliar. As doses de P entre 122 e 165 mg kg-1 de solo proporcionaram as maiores produções de matéria seca. Nessas doses, o conteúdo de Mn foi menor quando as plantas foram inoculadas com Glomus clarum, Gigaspora margarita e Glomus etunicatum. A dependência micorrízica da menta variou de acordo com a espécie de fungo e a dose de P utilizada, sendo maior com os fungos Glomus clarum e Gigaspora margarita, na ausência de P.The effects of arbuscular mycorrhizal fungi (AMF were evaluated on the growth and mineral composition of Mentha arvensis L., grown under different phosphorus levels. The experiment was carried out in a greenhouse, in a factorial scheme 5x4, with five microbiological treatments (control without AMF, Glomus clarum, Glomus etunicatum, Gigaspora margarita and Acaulospora scrobiculata and four P levels (0; 50; 100 and 200 mg kg-1. A randomized block design was used, with four replications. The plants were harvested at flowering, 65 days

  13. Produção de proteases por fungos endofíticos isolados de plantas do Cerrado

    OpenAIRE

    Werneck, Gabriela Corezzi

    2017-01-01

    Proteases são enzimas, que catalisam a hidrolise das ligações peptídicas. Estas enzimas são aplicadas em diversas indústrias como a alimentícia, farmacêutica, cosmética, de couro e de detergente. São produzidas por animais, plantas e microrganismos. Entre seus produtores encontram-se os fungos endofíticos, que são microrganismos que vivem no interior de plantas de forma simbiótica. Sabendo disso, o objetivo principal deste trabalho foi isolar fungos endofíticos de plantas do cerrado, avalia-l...

  14. Atividade predatória do fungo Monacrosporium thaumasium contra o nematóide Haemonchus contortus, após passagem pelo trato gastrintestinal de caprinos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Melo Luciana Magalhães

    2003-01-01

    Full Text Available Conídios de Monacrosporium thaumasium foram administrados por via oral a caprinos para verificar a viabilidade desse fungo nematófago após passagem pelo trato gastrintestinal. Foram realizadas amostragens de fezes de 18 a 30 horas após inoculação. Constatou-se crescimento do fungo e atividade predatória contra Panagrellus spp em placas confeccionadas com fezes coletadas 21 e 24 horas após a inoculação. Houve uma redução média de 79,24% no número de larvas infectantes de Haemonchus contortus provenientes de coproculturas preparadas com fezes coletadas 24 horas após a administração do fungo. O fungo M. thaumasium manteve atividade predatória sobre H. contortus, após passagem através do trato gastrintestinal de caprinos.

  15. Ocorrência do fungo entomopatogênico Isaria javanica (Frieder. & Bally Samson & Hywell-Jones (Fungi, Sordariomycetes em lagartas de Lonomia obliqua Walker (Lepidoptera, Saturniidae, Hemileucinae Occurrence of the entomopathogenic fungus Isaria javanica (Frieder. & Bally Samson & Hywell-Jones (Fungi, Sordariomycetes infecting Lonomia obliqua Walker (Lepidoptera, Saturniidae, Hemileucinae caterpillars

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alexandre Specht

    2009-01-01

    Full Text Available Este fungo foi isolado pela primeira vez de lagartas de L. obliqua de uma agregação em plátano (Platanus acerifolia (Aiton Wild - Platanaceae, em Bento Gonçalves, RS, Brasil. Após isolamento, purificação e caracterização, realizou-se um teste de patogenicidade com lagartas sadias de L. obliqua para corroborar, sua infectividade pelo postulado de Koch. Constatou-se correspondência morfológica e molecular entre o inóculo e o reisolado, comprovando sua patogenicidade a L. obliqua.It is recorded for the first time the occurrence of the entomopathogenic fungus Isaria javanica (Frieder. & Bally Samson & Hywell-Jones (Fungi: Sordariomycetes infecting Lonomia obliqua Walker (Lepidoptera: Saturniidae: Hemileucinae caterpillars. This fungus was isolated from L. obliqua individuals collected from Platanus acerifolia (Aiton Wild- Platanaceae in Rio Grande do Sul state, Brazil. After isolation, purification and characterization, fungal conidia were inoculated on healthy L. obliqua caterpillars and from dead caterpillars the fungal isolates were again obtained. New isolates and the original isolate did not differ when compared by morphological and molecular tests.

  16. Identification of proteases produced by entomopathogenic fungi Beauveria bassiana (Bals Vuill. strain CG432 previously activated in coffee berry borer alive (Hypothenemus hampeiIdentificação de proteases produzidas pelo fungo entomopatogênico Beauveria bassiana (Bals Vuill. Cepa CG432 previamente ativada em insetos vivos de broca do café ((Hypothenemus hampei

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Filipe Protásio Pereira

    2012-02-01

    Full Text Available Conídios de fungos entomopatogênicos atravessam o exoesqueleto do inseto pela ação mecânica do tubo germinativo e produção de múltiplas isoformas de proteases, quitinases e lipases em resposta à composição da cutícula do inseto. Desta forma o objetivo deste trabalho foi extrair, purificar e caracterizar a estrutura de proteases produzidas em cultivo submerso por Beauveria bassiana CG432 previamente ativada em adultos vivos de broca-do-café (Hypothenemus hampei. Uma suspensão contendo 106 conídios ativados/mL foi inoculada em meio de cultura líquido a 28ºC, 150 rpm por 3 dias. O extrato de proteases (EP foi obtido da centrifugação a 8000 g por 20 minutos, fracionado e concentrado por ultrafiltração em membrana de porosidade controlada 100 kDa e 3 kDa, respectivamente. A cromatografia de gel filtração em Sephadex G-100 separou um pico proteico (Pico II que apresentou 56% de resíduos do aminoácido ácido aspártico quando analisado por HPLC em coluna de fase reversa ODS-C18; atividade específica 43 vezes superior ao EP sobre soro albumina bovina; atividade de protease tipo-subtilisina e uma única banda proteica revelada por nitrato de prata e Coomassie Brilhant Blue em zimograma sobre gelatina por eletroforese PAGE em condições nativas. A homogeneidade do Pico II foi confirmada pela revelação de uma única banda durante a determinação do pH isoelétrico igual a 4,5, porém a determinação da massa molecular separou 2 bandas de 23 e 26 kDa por eletroforese PAGE-2D. As proteases foram caracterizadas como serino proteases com resíduo cisteína importante para a atividade, pois foram inibidas por fluoreto fenil-metil-sufonil e ácido p-cloromercúriobenzóico. As proteases do Pico II apresentaram Km 4x10-4 sobre substrato tipo-subtilisina.

  17. Resistência natural de nove madeiras do semi-árido brasileiro a fungos xilófagos em condições de laboratório Natural resistance of nine woods of Brazilian semi-arid region to wood-destroying fungi under laboratory conditions

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juarez Benigno Paes

    2004-04-01

    Full Text Available Objetivou-se avaliar a resistência natural de nove madeiras do semi-árido brasileiro a fungos xilófagos, em condições de laboratório. As madeiras estudadas foram a algaroba (Prosopis juliflora, o angico (Anadenanthera macrocarpa, a aroeira (Myracrodruon urundeuva, a braúna (Schinopsis brasiliensis, a cássia (Senna siamea, a craibeira (Tabebuia aurea, o cumaru (Amburana cearensis, o ipê (Tabebuia impetiginosa e o pereiro (Aspidosperma pyrifolium. De cada espécie foram retirados corpos-de-prova de 2,54 x 2,00 x 1,00 cm, com a maior dimensão na direção das fibras, em quatro posições na direção medula-casca. As amostras foram submetidas, por 14 semanas, à ação dos fungos Postia placenta e Neolentinus lepideus. A resistência natural, com exceção da algaroba e do angico (P. placenta, da craibeira (N. lepideus e da cássia (P. placenta e N. lepideus, foi afetada pela posição na direção medula-casca, sem estar relacionada à densidade das madeiras ensaiadas. A madeira de ipê e a madeira de cerne da aroeira e braúna foram as mais resistentes aos fungos testados. As diferenças entre a resistência natural, exceto para a aroeira e braúna, não estavam associadas à concentração de extrativos solúveis em água quente.The objective of this research was to evaluate the natural resistance of nine semi arid region Brazilian woods to wood-destroying fungi under laboratory conditions. The studied woods were the Prosopis juliflora, Anadenanthera macrocarpa, Myracrodruon urundeuva, Schinopsis brasiliensis, Senna siamea, Tabebuia aurea, Amburana cearensis, Tabebuia impetiginosa and Aspidosperma pyrifolium. Test samples measuring 2.54 x 2.00 x 1.00 cm, with the largest measure taken fiber-wise were obtained from four pith-to-bark positions. The samples were submitted to action of the Postia placenta and Neolentinus lepideus fungi for 14 weeks. Species resistance, with exception of those of Prosopis juliflora and Anadenanthera

  18. Toxigenic fungi in beans (Phaseolus vulgaris L. classes black and color cultivated in the State of Santa Catarina, Brazil Fungos toxigênicos em feijão (Phaseolus vulgaris L. classes preto e cores cultivado no Estado de Santa Catarina, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Léa Luzia Freitas Costa

    2002-06-01

    Full Text Available Toxigenic fungi were studied in beans (Phaseolus vulgaris L. of Classes black and color, cultivated in different regions of the State of Santa Catarina, south region of Brazil. The mean counts of filamentous fungi were 2.8 x 103 and 6.7 x 103 CFU/g for beans Classes black and color, respectively. Penicillium spp., Aspergillus spp. and Phoma spp. were the most frequent genera isolated, followed by Ryzopus spp., Alternaria spp., Helminthosporium spp., Cladosporium spp., Botrytis spp., Fusarium spp., Trichoderma spp., Curvularia spp. and Dreschelera spp. Among beans Class black, 24.6% of the Aspergillus strains produced mycotoxins: 13.1% produced aflatoxins (AFs; 11.5% produced ochratoxin A (OTA and 28.9% of Penicillium produced citrinin (CTR. On the other hand, 22.1% of Aspergillus strains isolated from beans Class color produced mycotoxins (16.7% produced AFs and 5.4% produced OTA, while Penicillium genera had 35.4% of CTR producing strains. The toxigenic species were A. flavus, A. parasiticus, A. ochraceus and P. citrinum Thom.Foram estudados fungos toxigênicos em feijão (Phaseolus vulgaris L., classes preto e cores, cultivados em diferentes regiões do Estado de Santa Catarina, região Sul do Brasil. A média total de fungos filamentosos foi de 2,8x10³ e 6,7x10³ UFC/g para feijão classe preto e cores, respectivamente. Penicillium spp., Aspergillus spp. e Phoma spp. foram os gêneros mais frequentes isolados, seguidos por Ryzopus spp., Alternaria spp., Helminthosporium spp., Cladosporium spp., Botrytis spp., Fusarium spp., Trichoderma spp., Curvularia spp. e Dreschelera spp. No feijão classe preto, 24,6% das cepas de Aspergillus isolados eram toxigenicas: 13.1% eram produtoras de aflatoxinas (AFs e 11,5% de ocratoxina A (OTA; e 28,9% de Penicillium produziram citrinina (CTR. Por outro lado, 22,1% de cepas de Aspergillus isolados do feijão classe cores, produziram micotoxinas (16,7% produziram AF e 5,4% produziram OTA, já do g

  19. Produção e qualidade de óleos essenciais de Mentha arvensis em resposta à inoculação de fungos micorrízicos arbusculares Yield and quality of essential oils of Mentha arvensis in response to inoculation with arbuscular mycorrhizal fungi

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marta Simone Mendonça Freitas

    2004-09-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar os efeitos de diferentes espécies de fungos micorrízicos arbusculares (FMA na produção e qualidade de óleos essenciais de Mentha arvensis L., cultivada com diferentes doses de fósforo. O trabalho foi realizado em casa de vegetação e o delineamento estatístico utilizado foi de blocos ao acaso com 20 tratamentos, constituídos pela combinação de cinco tratamentos microbiológicos (Glomus clarum Nicolson & Schenck, Glomus etunicatum Becker & Gerdemann, Gigaspora margarita Becker & Hall, Acaulospora scrobiculata Trappe e controle e quatro doses de P (0, 50, 100 e 200 mg kg-1, com quatro repetições. As plantas foram colhidas 65 dias após o plantio. Sem adubação fosfatada, os fungos Gigaspora margarita e Glomus clarum aumentaram em 206 e 198%, respectivamente, a produção de matéria fresca em relação ao tratamento controle. A maior produção de matéria fresca (90 g por vaso foi observada no tratamento de A. scrobiculata com 133 mg kg-1 de fósforo. Na ausência de adubação fosfatada, teores de óleos essenciais e de mentol no óleo foram menores em plantas sem inoculação, e os tratamentos com inoculação proporcionaram incrementos de até 89% nos teores de óleos e de mentol, em relação ao tratamento sem inoculação. Com o incremento da adubação fosfatada, não foram observados incrementos dos teores de óleos essenciais e mentol em razão dos FMA. As maiores produtividades de óleos essenciais e de mentol nos óleos, 0,69 g e 0,48 g por vaso, respectivamente, foram encontradas em plantas com inoculação de Acaulospora scrobiculata nas doses de P de 126 e 123 mg kg-1 de solo, respectivamente.The objective of this work was to evaluate the effects of different species of arbuscular mycorrhizal fungi on the vegetative growth, production and composition of essential oil of Mentha arvensis L., grown in different phosphorus levels. The work was carried out under greenhouse conditions and

  20. Germinação e incidência de fungos em testes com sementes de Brachiaria brizantha Stapf. Germination and fungi incidence in tests with Brachiaria brizantha Stapf. seeds

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    D.C.F.S. Dias

    1993-05-01

    Full Text Available O presente trabalho teve por objetivo estudar o efeito da escarifícação com ácido sulfúrico e da aplicação de fungicidas (thiabendazol, captan, thiram e iprodione + thiram nos resultados dos testes de germinação e no desenvolvimento de microrganismos sobre sementes de B. brizantha. Além dos testes de germinação, os quais foram avaliados quanto à incidência de microrganismos aos 10 e 21 dias, conduziram-se testes de sanidade, procurando-se identificar a microflora presente. A análise dos dados e interpretação dos resultados permitiram as seguintes conclusões: a escarificação com o ácido não promoveu acréscimo significativo na germinação, tendo contribuído para a redução do nível de incidência de fungos ao se comparar com a testemunha. Os fungicidas aplicados sobre as sementes escarificadas contribuíram para uma melhor germinação e para a redução na ocorrência de microrganismos, destacando-se a mistura iprodione + thiram. O uso dos fungicidas também facilitou a interpretação dos testes de germinação. Foram encontrados os seguintes fungos: Alternaria tenuis, Aspergillus spp., Cladosporium sp., Curvularia sp., Drechslera sp.p, Epicoccum sp., Fusarium sp., Neurospora monilia, Penicillium sp., Phoma sp., Rhizopus sp., Trichothecium sp. e Trichoconiella padwikii.The present research was carried out to evaluate the effects of sulphuric acid scarification and fungicide (thiabendazol, captan, thiram and iprodione + thiram applications on germination tests of B. brizantha and on mycroflora development associated with those tests. In germination tests mycroflora were identified and evaluated on the 10th and the 21st day; at the same time blotter tests were carried out to study the microflora. Interpretations of the results showed that sulphuric acid scarification did not increase significantly the germination but checked fungi development and showed less efficiency than fungicides. Among these the mixture of

  1. Palinomorfos de fungos e criptógamas em sedimentos quaternários de duas matas com Araucária, Planalto leste do Rio Grande do Sul, Brasil Palynomorphs of fungi and cryptogams in Quaternary sediments from two Araucaria forests, Eastern Plateau of Rio Grande do Sul, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Caroline Scherer

    2008-03-01

    Full Text Available Pólen, esporos e demais palinomorfos preservados em sedimentos são material de referência básico em estudos paleoambientais. A presente pesquisa tem como objetivo apresentar a taxonomia de palinomorfos correspondentes a fungos e criptógamas contidos em sedimentos do interior de duas matas com Araucária do Planalto leste do Rio Grande do Sul e, assim, fornecer subsídios para reconstituições paleoambientais na região. A análise envolveu amostras de dois perfis sedimentares holocênicos de São Francisco de Paula (perfil 1, Alpes de São Francisco, 132 cm; perfil 2, Banhado Amarelo, 101 cm, coletados com o Amostrador de Hiller. O processamento químico das amostras seguiu o método padrão, com HCl, HF, KOH, acetólise e montagem das lâminas em gelatina-glicerinada. A análise foi realizada em microscopia óptica. São apresentados palinomorfos de oito fungos, seis algas, cinco briófitos e 19 pteridófitos. A descrição de cada material é acompanhada de ilustrações e, sempre que possível, de dados ecológicos do organismo de origem. A grande quantidade de palinomorfos distintos, bem preservados nos sedimentos, mostra a potencialidade deste material em oferecer informações ambientais relevantes, junto com grãos de pólen, no estudo da gênese e expansão da mata com Araucária.Pollen, spores and other palynomorphs preserved in sediments are basic reference material for palaeoenvironmental studies. The aim of this research is to present the taxonomy of fungal and cryptogamic palynomorphs contained in sediments from two Araucaria forests on the Eastern Plateau of Rio Grande do Sul, thus contributing to palaeoenvironmental reconstitution in the region. The analysis involved samples from two Holocene sedimentary profiles from São Francisco de Paula (profile 1, Alpes de São Francisco, 132 cm; profile 2, Banhado Amarelo, 101 cm, collected with a Hiller Sampler. Chemical processing of the samples followed standard methodology, using

  2. Prospeção da diversidade de fungos micorrízicos arbusculares em 2 espécies agrícolas (Phaseolus vulgaris L. e Vicia faba L.) e 2 espécies nativas (Teline maderensis Webb & Berthel e Genista tenera (Jacq. Ex Murray) Kuntze) da Madeira

    OpenAIRE

    Oliveira, Maria Cristina Ornelas

    2016-01-01

    Tese de mestrado, Microbiologia Aplicada, Universidade de Lisboa, Faculdade de Ciências, 2016 O Filo Glomeromycota compreende um grupo de fungos que se considera no geral serem biotróficos obrigatórios e que se associam a cerca de 80% das plantas. O fungo e a planta formam uma associação simbiótica conhecida como micorriza arbuscular. Desta associação, o fungo absorve entre 5 a 20% do carbono fotossintetizado pela planta e por outro lado a planta pode beneficiar do aumento da absorção de n...

  3. Prospeção da diversidade de fungos micorrízicos arbusculares em 2 espécies agrícolas (Phaseolus vulgaris L. e Vicia faba L.) e 2 espécies nativas (Teline maderensis Webb & Berthel e Genista tenera (Jacq. Ex Murray) Kuntze) da Madeira

    OpenAIRE

    Oliveira, Maria Cristina Ornelas

    2016-01-01

    Tese de mestrado, Microbiologia Aplicada, Universidade de Lisboa, Faculdade de Ciências, 2016 O Filo Glomeromycota compreende um grupo de fungos que se considera no geral serem biotróficos obrigatórios e que se associam a cerca de 80% das plantas. O fungo e a planta formam uma associação simbiótica conhecida como micorriza arbuscular. Desta associação, o fungo absorve entre 5 a 20% do carbono fotossintetizado pela planta e por outro lado a planta pode beneficiar do aumento da absorção de n...

  4. Spore density and root colonization by arbuscular mycorrhizal fungi in preserved or disturbed Araucaria angustifolia (Bert. O. Ktze. ecosystems Densidade de esporos e colonização radicular por fungos microrrízicos arbusculares em ecossistemas de Araucaria angustifolia (Bert. O. Ktze. preservados e impactados

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Milene Moreira

    2006-08-01

    Full Text Available Araucaria angustifolia (Bert. O. Ktze., a native forest tree from Brazil, is under extinction risk. This tree depends on arbuscular mycorrhizal fungi for growth and development, especially in tropical low-P soils but, despite being a conifer, Araucaria does not form ectomycorrhiza, but only the arbuscular endomycorrhiza. This study aimed at surveying data on the spore density and root colonization (CR by arbuscular mycorrhizal fungi (AMF in Araucaria angustifolia forest ecosystems, in order to discriminate natural, implemented, and anthropic action-impacted ecosystems, by means of Canonical Discriminant Analysis (CDA. Three ecosystems representative of the Campos do Jordão (SP, Brazil region were selected: 1. a native forest (FN; 2. a replanted Araucaria forest (R; and 3. a replanted Araucaria forest, submitted to accidental fire (RF. Rhizosphere soil and roots were sampled in May and October, 2002, for root colonization, AMF identification, and spores counts. Root percent colonization rates at first collection date were relatively low and did not differ amongst ecosystems. At the second period, FN presented higher colonization than the other two areas, with much higher figures than during the first period, for all areas. Spore density was lower in FN than in the other areas. A total of 26 AMF species were identified. The percent root colonization and spore numbers were inversely related to each other in all ecosystems. CDA indicated that there is spatial distinction among the three ecosystems in regard to the evaluated parameters.A Araucaria angustifolia (Bert. O. Ktze. é uma espécie florestal nativa do Brasil e encontra-se ameaçada de extinção. É altamente dependente de fungos micorrízicos arbusculares para seu desenvolvimento, principalmente em solos com baixos teores de fósforo. Embora sendo uma conífera, esta árvore não forma ectomicorriza, mas sim a endomicorriza arbuscular. O presente estudo teve como objetivo levantar dados

  5. Efeito da umidade e do período de armazenamento hermético na contaminação natural por fungos e a produção de micotoxinas em grãos de aveia Effects of grain moisture and hermetic storage on fungi contamination and mycotoxin production in oats

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Galileu Rupollo

    2006-02-01

    Full Text Available Com o presente trabalho, objetivou-se avaliar a contaminação natural por fungos, produção de micotoxinas, composição em ácidos graxos e concentração de CO2 intergranular em grãos de aveia armazenados no sistema hermético por 12 meses. Grãos de aveia, da cultivar UPF 18 foram colhidos com 16% de umidade e realizado a secagem estacionária em protótipo silo-secador até as umidades de 15%, 12% e 9%. Para os tratamentos com 18% e 21% de umidade foi realizada a reidratação pela colocação dos grãos em atmosfera saturada por cinco dias. Determinou-se a composição centesimal aproximada, composição em ácidos graxos, contaminação natural por fungos, presença de micotoxinas e concentração de CO2 intergranular. Os resultados foram analisados pela análise de variância, comparação de médias pelo teste de Tukey e análise de regressão. Não foi detectada a presença das micotoxinas aflatoxina B1, B2, G1, G2, zearalenona e ocratoxina A. A quantidade de CO2 na atmosfera intergranular apresentou comportamento linear e foi proporcional à umidade dos grãos e tempos de armazenamento. O aumento do tempo de armazenamento e da umidade dos grãos intensificou a redução de ácidos graxos insaturados, com predominância de ação sobre linoléico e linolênico.This research aimed to evaluate the natural contamination by fungi, production of mycotoxins, fatty acids composition and the intergranular CO2 concentration in oat grains stored in a hermetic system for 12 months. The oat grains were harvested with 16% of moisture, being dried until 15%, 12% and 9% of moisture. Oat grains with 18% and 21% of moisture were obtained by a rehidrated, setting the grains in a saturated atmosphere for 5 days. The proximate percent composition, fatty acids profile, natural fungi contamination, mycotoxin production and the CO2 concentration were evaluated. The results were analyzed by analysis of variance and comparisons of means by Tukey's test and

  6. Contribuição de fungos micorrízicos arbusculares autóctones no crescimento de Guazuma ulmifolia em solo de cerrado degradado Contribution of arbuscular mycorrhizal fungi to the growth of Guazuma ulmifolia in degraded 'cerrado' soil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sueli da Silva Aquino

    2002-12-01

    Full Text Available Ensaios foram conduzidos, em casa de vegetação, com solos de pastagem degradada reflorestada e cerrado preservado (controle visando avaliar a contribuição de fungos micorrízicos arbusculares (FMA autóctones no crescimento de mutambo (Guazuma ulmifolia Lamb.. As mudas foram transplantadas para sacos de plástico (2 kg com substratos esterilizados na proporção 4:1 (solo:areia, e o tratamento inoculado recebeu 300 esporos de FMA por saco. A inoculação não proporcionou aumento significativo na produção da matéria seca da parte aérea, matéria fresca das raízes e altura da planta, sugerindo que a G. ulmifolia não é responsiva à micorrização.Experiments were carried out in a greenhouse, using reforested degraded pasture and preserved 'cerrado' (control soil with the objective to evaluate the contribution of autoctone arbuscular mycorrhizal fungi (AMF on the Guazuma ulmifolia Lamb. growth. Seedlings were transplanted to plastic bags with 2 kg of sterilized soil: sand substrate (4:1. Plants were inoculated with ca. 300 spores of AMF per replication; noninoculated plants served as control. AMF did not improve significantly canopy dry matter, root fresh matter and plant height. G. ulmifolia showed no response to mycorrhizae.

  7. Influência da calagem, da época de colheita e da secagem na incidência de fungos e aflatoxinas em grãos de amendoim armazenados Storage peanut kernels fungal contamination and aflatoxin as affected by liming, harvest time and drying

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Claudia Antonia Vieira Rossetto

    2005-04-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar a contaminação e o potencial para síntese de aflatoxinas pelos isolados do grupo Aspergillus flavus em grãos armazenados de amendoim (Arachis hypogaea L., que foram produzidos com distintos procedimentos de calagem, de colheita e de secagem. Para isto, foram avaliadas doze amostras de grãos de amendoim, cv. Botutatu, provenientes de plantas cultivadas em área que recebeu ou não a aplicação de calcário, colhidas aos 104, 114 e 124 dias após a semeadura e secas em condições ambientais e em estufa. Aos 12 e 18 meses de armazenamento, os grãos foram tratados com hipoclorito de sódio e incubados em BDA, a 20°C, por cinco dias. As espécies do grupo Aspergillus flavus foram identificadas após incubação em meio ADM. Posteriormente, o potencial toxígeno foi avaliado pelo método da cromatografia de camada delgada. A análise da freqüência de fungos revelou que os grãos de amendoim armazenados estavam contaminados por Aspergillus spp., Penicillium spp. e Fusarium spp. Os grãos de amendoim, provenientes da colheita antecipada, apresentaram maior contaminação pelo grupo Aspergillus flavus, sendo menor a proporção destes com potencial toxígeno.The objective of this work was to evaluate the effect of the storage on the potential of aflatoxin production by isolates from Aspergillus flavus group in peanut (Arachis hypogaea L.. These kernels were obtained from a field experiment with two areas (with or without lime, three times of harvest (104, 114 and 124 days after planting and two types of dryer conditions (ambient and chamber with forced air. After 12 and 18 months of storage, the kernels were treated with sodium hypochloride and incubated in a PDA at 20°C during five days. The isolates from Aspergillus flavus group were identified after incubation in ADM culture medium. The toxigenic potential was analyzed by thin layer chromatography. The genera detected were Aspergillus, Penicillium and

  8. Fungos endofíticos em Annona spp.: isolamento, caracterização enzimática e promoção do crescimento em mudas de pinha (Annona squamosa L. Endophytic fungi of Annona spp.: isolation, enzymatic characterization of isolates and plant growth promotion in Annona squamosa L. seedlings

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roberta Lane de Oliveira Silva

    2006-09-01

    Full Text Available A partir de folhas, caules e raízes de plantas de pinha e graviola coletadas em Pernambuco foram obtidos 110 e 90 isolados fúngicos endofíticos, respectivamente. Vinte e nove isolados foram selecionados e avaliados quanto à produção de enzimas extracelulares, através do método qualitativo em placas com meios sólidos específicos, e à capacidade de estimular o crescimento de mudas de pinha. Esses isolados foram identificados como pertencentes aos gêneros Acremonium (10,34%, Aspergillus (3,45%, Chaetomium (3,45%, Colletotrichum (10,34%, Cylindrocladium (13,8%, Fusarium (31,03%, Glomerella (3,45%, Nigrospora (6,9%, Penicillium (6,9% e Phomopsis (10,34%. Dezenove isolados apresentaram atividade lipolítica, cinco atividade proteolítica e nenhum deles atividades celulolítica ou amilolítica. Onze isolados dos gêneros Acremonium (GFR6 e GRR1, Colletotrichum (GFR4 e PFR4, Phomopsis (PFR3 e GCR4, Cylindrocladium (GRR4, Chaetomium (GRR7 e Fusarium (GRR5, PRR1 e PRR6 promoveram eficientemente o crescimento vegetal. Os índices de aumento da biomassa seca da parte aérea de mudas de pinha variou de 23,2 a 32,7%, sendo que nenhum isolado promoveu a biomassa seca da raiz. Destaca-se também que 20 isolados apresentaram efeito deletério significativo (P = 0,05 na biomassa seca da raiz das mudas de pinha. Em tecidos aparentemente sadios de plantas de pinha e graviola são encontrados alguns fungos que podem promover o crescimento da parte aérea, como também reduzir o crescimento da raiz e outros sem efeito no crescimento de mudas de pinha.Endophytic isolates of fungi were obtained from leaves, stems and roots of 110 sweetsop and 90 soursop plants from Pernambuco. Twenty-nine isolates were analyzed for production of extracellular enzymes by qualitative assay in Petri dishes containing specific solid media, and for the capacity to promote growth of sweetsop seedlings. These isolates were identified as Acremonium (10.34%, Aspergillus (3

  9. Colonização por fungos micorrízicos arbusculares e teores de nutrientes em cinco cultivares de bananeiras em um Latossolo da Amazônia Arbuscular mycorrhizae fungi and nutrient contents in five banana cultivars on an Amazonian Oxisol

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Arlem Nascimento de Oliveira

    2005-06-01

    Full Text Available A bananeira é uma espécie de grande importância sócio-econômica na Amazônia, mas precisa de altos insumos agrícolas para ser produtiva. A associação com fungos micorrízicos arbusculares (FMAs pode minimizar as suas necessidades nutricionais nos solos pobres da Amazônia. O presente trabalho objetivou verificar a ocorrência de associação micorrízica e os teores de nutrientes em bananeiras cultivadas em um Latossolo ácido da Amazônia. O bananal encontra-se deficiente em macro (Ca, Mg e P e micronutrientes (Fe, Mn, Zn e Cu. A colonização micorrízica foi de 54,9 %, no cultivar Mysore; 51,5 %, na Maçã, 47,6 %, na Pacovan; 47,3 %, na Nanica, e 44,7 %, na banana Prata, ocorrendo diferenças significativas. Os cultivares Mysore e Maçã apresentaram maiores índices de colonização radicular nos meses de janeiro e agosto, enquanto a Nanica, nos meses de julho, janeiro e agosto. Os cultivares Pacovan e Prata não apresentaram variações significativas de colonização por FMAs nas épocas estudadas. Nos cultivares, a associação micorrízica correlacionou-se significativamente com os teores de K, Mg, P e Zn no cultivar Maçã, K e P no Nanica e Zn no Prata.The Amazon banana plant is of great socio-economical importance, despite its requirement for high agricultural input in order to obtain good yields. An association with arbuscular mycorrhizae fungi could minimize the crop's nutritional needs in the poor soils of the Amazon. The present study aimed at verifying how the plant-fungus mycorrhizal symbiosis influences nutrient concentration in five varieties of adult banana plants cultivated in an acid Amazon Oxisol under field conditions. The banana plantation was defficient in macro (Ca, Mg and P and micronutrients (Fe, Mn, Zn and Cu. The mycorrhizae colonization varied from 33.6 to 66.5 % of the sampled roots. The average mycorrhizae colonization was 54.9 % in the Mysore, 51.5 % in Maçã, 47.6 % in Pacovan, 47.3 % in Nanica, and

  10. Production of xylanase and CMCase on solid state fermentation in different residues by Thermoascus aurantiacus miehe Produção de xilanase e CMCase por fermentação em estado sólido em diferentes resíduos pelo fungo termofílico Thermoascus aurantiacus miehe

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roberto da Silva

    2005-09-01

    Full Text Available The use of waste as raw material is important for government economy and natural balance. The purpose of this work was to study the production of CMCase and xylanase by a Brazilian strain of Thermoascus aurantiacus in solid state fermentation (SSF using different agricultural residues (wheat bran, sugarcane bagasse, orange bagasse, corncob, green grass, dried grass, sawdust and corn straw as substrates without enrichment of the medium and characterize the crude enzymes.The study of the extracellular cellulolytic and hemicellulolytic enzymes showed that T. arantiacus is more xylanolytic than cellulolytic. The highest levels of enzymes were produced in corncob, grasses and corn straw. All the enzymes were stable at room temperature by 24 h over a broad pH range (3.0-9.0 and also were stable at 60ºC for 1 h. The optimum pH and temperature for xylanase and CMCase were 5.0-5.5 and 5.0 and 75ºC, respectively. The microorganism grew quickly in stationary, simple and low cost medium. The secreted extracellular enzymes presented properties that match with those frequently required in industrial environment.O emprego de residuos como matéria prima é importante como estrategia governamental e para o balanço ambiental. O propósito deste trabalho foi estudar a produção de CMCase e xilanase de uma linhagem de Thermoascus aurantiacus isolado de solo brasileiro em fermentação em estado sólido (SSF usando diferentes resíduos agrícolas (farelo de trigo, bagaço de cana, bagaço de laranja, sabugo de milho, grama verde, grama seca, serragem de eucalipto e palha de milho como substratos sem enriquecimento dos meios e caracterizar as enzimas. O estudo das enzimas hemiceluloliticas extracelulares mostrou que o fungo T. arantiacus é mais xilanolítico do que celulolítico. Ele produziu maiores níveis das enzimas em meios contendo sabugo de milho, grama e palha de milho. Todas as enzimas foram estáveis por 24 h à temperatura ambiente numa ampla faixa

  11. Patogenicidade de Beauveria bassiana ao psilídeo Diaphorina citri e compatibilidade do fungo com produtos fitossanitários

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Paula Ferreira Pinto

    2012-12-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar a patogenicidade de Beauveria bassiana a ninfas de Diaphorina citri (Hemiptera: Psyllidae e verificar a compatibilidade do fungo com produtos fitossanitários e sua persistência em plantas de citros. Ninfas de D. citri foram pulverizadas com B. bassiana, nas concentrações 5x10(6, 1x10(7, 5x10(7, 1x10(8, 5x10(8 e 1x10(9 conídios mL-1, para determinação da concentração letal. Para avaliação da compatibilidade do fungo com produtos fitossanitários, extrato de nim e cinco inseticidas de quatro grupos químicos diferentes foram incorporados individualmente ao meio de cultura BDA em que o fungo foi cultivado. Avaliaram-se o crescimento vegetativo, a esporulação e a viabilidade do entomopatógeno. Plantas de citros, mantidas em casa de vegetação, foram tratadas primeiramente com os produtos fitossanitários e depois com o entomopatógeno. Avaliaram-se os tempos de exposição de 24 horas e de 7 e 14 dias. O fungo foi patogênico às ninfas de D. citri; a CL50 foi de 0,4x10(7 e a CL90 de 6,7x10(7 conidios mL-1, no décimo dia de avaliação. Em laboratório, os produtos fitosssanitários reduzem o crescimento do fungo. Em casa de vegetação, os produtos não afetam a sobrevivência do fungo nas plantas de citros.

  12. Aplicação de formononetina na colonização e esporulação de fungos micorrízicos em braquiária Formononetin application on colonization and sporulation of arbuscular mycorrhizal fungi in Brachiaria

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cândido Barreto de Novais

    2009-05-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito de aplicações de Mycoform na colonização micorrízica e esporulação de 13 isolados de fungos micorrízicos arbusculares em Brachiaria decumbens. O experimento foi conduzido em casa de vegetação, em solo esterilizado, com delineamento experimental inteiramente casualizado, em arranjo fatorial 3x13, com cinco repetições. O produto foi aplicado no plantio e foi ou não aplicado uma segunda vez 60 dias depois, na quantidade de 2 mg kg-1 de solo. Aos 150 dias de crescimento das plantas, foram coletadas amostras de raízes e de solo rizosférico, para a avaliação de colonização radicular e densidade de esporos. Houve estímulo do Mycoform nos parâmetros avaliados, efeito que variou com os isolados estudados. Foi observado efeito significativo da aplicação do Mycoform na colonização das raízes pelos isolados Glomus clarum DCS 09 e DCS 10, Paraglomus occultum DCS 06 e Acaulospora delicata DCS 02 e na esporulação dos isolados G. clarum DCS 09 e DCS 10, P. occultum DCS 06 e DCS 31, Glomus etunicatum DCS 12, A. delicata DCS 30 e Kuklospora colombiana DCS 03. O incremento na esporulação atingiu 89% e, na colonização, 60%, o que confirma os benefícios da formononetina na colonização e na esporulação dos fungos micorrízicos arbusculares.The aim of this work was to evaluate the effects of Mycoform on both sporulation and colonization of 13 arbuscular mycorrhiza fungi (AMF isolates in Brachiaria decumbens. The experiment was carried out in greenhouse conditions with sterile soil, in a completely randomized design with 3x13 factorial treatments and five repetitions. The product was applied once at planting and was or was not applied a second time 60 days afterwards, at an amount of 2 mg kg-1 of soil. Plants were allowed to grow for 150 days, when root and rhizospheric soil samples were collected to evaluate the percentage of colonized root segments and the spore density. Mycoform

  13. Fungos micorrízicos nativos e Glomus clarun no rendimento de trevo vesiculoso cultivado em condições naturais e modificadas pela calagem e aplicação de fósforo Glomus clarun and native mycorrhizal fungi on yield of Trifolium spp. cultivated under natural and modified soil contitions with addition by phosphorus and liming

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antonio Carlos dos Santos Pessoa

    1997-03-01

    Full Text Available Em experimento desenvolvido na casa de vegetação na UFSM-RS, avaliou-se o efeito da introdução de fungos micorrizicos arbusculares (fMA Glomus clarum e nativos no rendimento de massa seca (MS e absorção de P pelo trevo vesiculoso (Trifolium spp. e verificou-se a compatibilidade entre a espécie introduzida e os fMA nativos ocorrentes no solo estudado. Os tratamentos/oram constituídos defatorial 4x2x2 com quatro níveis de fMA: G. clarum, fungos nativos, mistura de ambas as populações e controle sem inoculação de fMA: com dois valores de pH: 4,4 e 5,4 e com dois níveis de fósforo disponível (Mehlich l: 6 e ISmg/kg de solo. A introdução de G. clarum isoladamente ou em conjunto com fMA nativos, na condição de pH 4,4, e em baixa disponibilidade de P, aumentou o rendimento de MS e absorção de P. Em disponibilidade intermediária de P (l5mg/kg de solo e pH 5,4 não ocorreu diferença entre os tratamentos inoculados com fMA, mas destes ocorreu diferença para o tratamento sem inoculação, evidenciando a dependência do trevo pela micorrizaçâo. Tratamentos inoculados com G. clarum apresentaram maiores rendimentos de MS, absorção de P, colonização micorrizica e esporulação, mostrando que a introdução dessa espécie pode ser viável quando espécies nativas não são eficientes para a cultura ou tornam-se ineficientes quando a fertilidade do solo é modificada por aplicação de P e/ou calagem.The experiment v/as conducted under greenhouse condition at the University of Santa Maria, RS, Brazil. The objectives were to evaluate the introduction of arbuscular mycorrhizalfúngi (AMF Glomus clarum and natives fungi on the phosphorus uptake and dry matter (DM production from Trifolium spp. and Io verify lhe compatibilily between introduced specie and lhe nativo AMF occurence in lhe studied soil. The treatments was constituled of 4x2x2 factorial withfour AMF leveis: G. clarum, AMf native, mixture of both populations of AMF

  14. Redução do mal-do-panamá em bananeira-maçã por inoculação de fungo micorrízico arbuscular Reduction of fusarium wilt of "banana-maçã" by inoculation of arbuscular mycorrhizal fungi

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Andréa Jaqueira da Silva Borges

    2007-01-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito da densidade de inóculo de fungo micorrízico arbuscular (FMA na incidência e severidade do Fusarium oxysporum f. sp. cubense (FOC na bananeira, variedade 'Maçã', em fase inicial de desenvolvimento vegetativo. O trabalho foi realizado em três etapas, em condições de casa de vegetação, na Embrapa Mandioca e Fruticultura Tropical, Cruz das Almas, BA. Foi realizado um teste de ajuste para determinação das densidades de inóculo do FMA a serem utilizadas. Em seguida, o FMA, Gigaspora margarita, foi inoculado nas mudas de banana e, depois de 60 dias foi inoculado o FOC. G. margarita apresentou eficiência simbiótica no crescimento das mudas de bananeira, variedade Maçã, dependendo da densidade de inóculo. A inoculação prévia com o FMA promoveu redução no índice de infecção causado pelo FOC. A pré-colonização das plantas de bananeira pelo FMA resultou em efeito de bioproteção, modulado pela taxa de colonização micorrízica e pela concentração de inóculo do FOC no solo.This work aimed to evaluate inoculum density of arbuscular mycorrhizal fungi (AMF on incidence and effects of Fusarium oxysporum f. sp. cubense (FOC on Maçã variety of banana (Musa sp. during its initial growth. An experiment was conducted at Embrapa Mandioca e Fruticultura Tropical, under greenhouse conditions, comprising three stages: a test to adjust levels of inoculum of AMF to be set on the experiment was carried out; therefore, plantlets of banana were inoculated with Gigaspora margarita and, after 60 days, they were inoculated with FOC. G. margarita was efficient for growth of banana plantlets; previous inoculation of AMF reduced disease index caused by FOC, depending on level of inoculum of AMF; previous inoculation of AMF on banana plantlets resulted in bioprotection to FOC, related to level of colonization and level of inoculum of FOC in soil.

  15. Utilização do resíduo industrial ferkal na produção de mudas de Mimosa caesalpiniaefolia, em estéril de extração de argila, inoculadas com fungos micorrízicos arbusculares e rizóbio

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A. Z. Pralon

    2001-03-01

    Full Text Available Realizou-se um experimento em casa de vegetação com o objetivo de avaliar os efeitos da inoculação com fungos micorrízicos arbusculares (FMAs e, ou, rizóbio, associados à adição de resíduo da fabricação de ácido láctico (Ferkal, na produção de mudas de Mimosa caesalpiniaefolia (sabiá em estéril de extração de argila. Foram utilizados vasos plásticos de 6 L que continham estéril de extração de argila, adicionado do resíduo Ferkal (nas concentrações de 0, 50, 100 e 200 g dm-3. Foram empregados seis tratamentos microbiológicos (FMAs nativos; FMA Glomus clarum; rizóbio; FMAs nativos + rizóbio; FMA G. clarum + rizóbio, e controle não inoculado. Após 103 dias, as mudas foram coletadas, e analisados o peso da matéria seca dos nódulos, a taxa de colonização micorrízica, o peso da matéria seca e os teores de N e P na parte aérea das mudas. Os resultados demonstraram que adição de Ferkal no tratamento-controle (sem inoculação aumentou significativamente o teor de P. Entretanto, as melhores respostas foram obtidas nas mudas inoculadas com FMAs e, ou, rizóbio, que apresentaram, em relação ao controle, aumentos significativos no peso da matéria seca e nos teores de N e P da parte aérea das mudas, em quase todos os tratamentos inoculados. Os FMAs nativos foram mais eficientes que o FMA G. clarum em promover o crescimento de M. caesalpiniaefolia.

  16. Propágulos de fungos micorrízicos arbusculares em solos deficientes em fósforo sob diferentes usos, da região semi-arida no nordeste do Brasil Propagules of arbuscular mycorrhizae in p-deficient soils under different land uses, in semi-arid NE Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Regina Lúcia Félix de Aguiar Lima

    2007-04-01

    Full Text Available A conversão de áreas de caatinga em agricultura e pecuária de subsistência é uma das características marcantes da região semi-árida do Nordeste do Brasil. O presente estudo investigou o efeito dessa conversão sobre os propágulos de fungos micorrízicos arbusculares (FMA em 10 locais diferentes, distribuídos nos Estados da Paraíba e de Pernambuco. Cada local consistiu de uma área de vegetação nativa (caatinga contígua com uma área cultivada, na mesma posição de encosta. Amostras de solo foram coletadas a intervalos de 20-30 m, nas profundidades de 0-7,5 e 7,5-15 cm (10 locais x 2 usos do solo x 2 profundidades com 4 pontos amostrais ao longo de uma transecção que cruzava as áreas contíguas. As raízes (The conversion of tropical dry forest into areas used for subsistence agriculture or livestock production is a common feature of the semi-arid region of NE Brazil. Our study looked into the effect of these land use changes on propagules of arbuscular mycorrhizal fungi (AMF at ten sites distributed in the states of Paraíba and Pernambuco. Each site consisted of an area under native vegetation (Dry-Forest adjacent to a cultivated area in the same slope position. Soil samples were taken at distance intervals of 20-30 m from two depths (0-7.5 and 7.5-15 cm along a transect crossing the adjacent areas (10 sites x 2 land uses x 2 depths x 4 sampling points. Roots (< 2 mm found in the soil samples (n = 160 were stained with trypan blue to assess the percentage of AMF colonization as well as the type of fungal structures. The AMF spores were separated from soil by wet sieving, incubated in iodonitrotetrazolium chloride (INT solution and counted; those stained with INT were considered viable. Soil samples were analyzed for resin-extractable P and total organic carbon (TOC. For data analysis, the 10 areas under dry forest were separated in two sub-groups: Undisturbed-Dry-Forest (UDF, n = 6 and Disturbed-Dry-Forest (DDF, n = 4, owing

  17. Mycorrhizal fungi inoculation and phosphorus fertilizer on growth, essential oil production and nutrient uptake in peppermint (Mentha piperita L. Inoculação com fungos micorrízicos e adubação fosfatada no crescimento, produção de óleo essencial e absorção de nutrientes em hortelã-pimenta (Mentha piperita L.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M.C. Arango

    2012-01-01

    Full Text Available This study evaluated the effects of inoculation with the arbuscular mycorrhizal fungi Glomus mosseae, Glomus intraradices A4 and Glomus intraradices B1 and two phosphorus levels (10 and 40 mg kg-1 on root colonization, plant growth, nutrient uptake and essential oil content in Mentha piperita L. The experiment was carried out in a greenhouse, in 4x2 factorial arrangement, in completely randomized design. At sixty days after transplanting, the mycorrhizal plants had significantly higher fresh matter, dry matter and leaf area compared to non-mycorrhizal plants. The inoculation increased P, K and Ca levels in the shoot which were higher under 40 mg P kg-1 of soil. Plants grown with 40 mg P kg-1 soil increased the essential oil yield per plant by about 40-50% compared to those cultivated with 10 mg P kg-1, regardless of the mycorrhizal treatment. Among the studied fungal species, inoculation with G. intraradices A4 and a high level of P significantly increased plant growth and essential oil yield, compared to the other studied mycorrhizal fungal species. In conclusion, inoculation of arbuscular mycorrhizal fungi into peppermint plants is a feasible alternative to increase the essential oil production and reduce the use of fertilizers required to obtain economic production of peppermint under phosphorus-deficient soil condition.Este estudo avaliou os efeitos da inoculação de fungos micorrízicos arbusculares Glomus mosseae, Glomus intraradices A4 e Glomus intraradices B1 e duas doses de fósforo (10 e 40 mg kg-1 sobre a colonização radicular, crescimento, absorção de nutrientes e óleos essenciais em Mentha piperita L. O estudo foi conduzido em casa de vegetação no delineamento inteiramente casualizado em esquema fatorial 4x2. Sessenta dias após o transplantio, as plantas micorrizadas apresentaram massa fresca, massa seca, e área foliar significativamente maior em comparação as não-micorrizadas. A inoculação aumentou o teor de P, K e

  18. RESISTÊNCIA DE DUAS ESPÉCIES DE BAMBU TRATADAS CONTRA FUNGOS XILÓFAGOS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rogy Frigeri Tiburtino

    2015-06-01

    Full Text Available RESUMOO objetivo deste trabalho foi avaliar a resistência de bambus das espécies Bambusa vulgaris e Dendrocalamus giganteus após serem expostos a três métodos de tratamentos químicos preservativos, contra a ação dos fungos Postia placenta e Polyporus fumosus. Os métodos de tratamento empregados foram o de transpiração (diafragma íntegro e rompido, imersão prolongada e Boucherie modificado. As hastes de bambu foram transformadas em colmos de 2,0 m de comprimento e tratadas em solução de 1 ou 3% de ingredientes ativos (i.a. de um produto comercial à base de cobre, cromo e boro (CCB. Nos métodos por transpiração e imersão prolongada, os colmos foram expostos nas soluções por períodos de 5, 10 ou 15 dias, enquanto no método de Boucherie modificado não houve segregação do tratamento entre tempos de tratamento. Para avaliar a eficiência dos tratamentos, foram empregados os fungos Postia placenta e Polyporus fumosus. A partir dos resultados, observou-se que, em média, em ambas as espécies de bambu tratadas e métodos empregados, a perda de massa das amostras de bambu, depois de submetidas ao ataque dos fungos, foi baixa, tendo variado de 2,44 a 14,26%.

  19. REVESTIMENTO DE PANOS COM POLÍMERO AUMENTA A EFICIÊNCIA DO FUNGO Metarhizium anisopliae NO CONTROLE DE Aedes aegypti

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aline Teixeira Carolino

    2017-04-01

    Full Text Available A estratégia de aplicação do fungo sobre panos pretos é uma ferramenta eficiente no controle do mosquito A. aegypti. Para aprimorar a técnica e aumentar o número de conídios disponíveis na superfície do pano, os panos de algodão preto foram revestidos com alginato de sódio (ALG e impregnados com o fungo entomopatogênico M. anisopliae (F. O fungo foi pulverizado sobre os panos e após secos, ficaram em contato com os mosquitos por 48h. Nos ensaios de germinação, foi possível verificar que o alginato não influenciou na viabilidade do fungo. No meio de cultura SDA acrescido com alginato foi verificado germinação de 97% dos conídios e 98% no grupo controle, sem adição do polímero. Nos ensaios de sobrevivência, o tratamento ALG+F foi mais eficiente em reduzir a sobrevivência dos mosquitos sendo verificada 12% de sobrevivência e S50 de 3 dias. O tratamento Fungo+Tween apresentou menor eficiência, sendo constatado 42% de sobrevivência e S50 de 7 dias.

  20. Detecção de fungos micorrízicos arbusculares em raízes de cafeeiro e de crotalária cultivada na entrelinha Detection of arbuscular mycorrhizal fungi in roots of coffee plants and crotalaria cultivated between rows

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    ARNALDO COLOZZI FILHO

    2000-10-01

    Full Text Available Avaliou-se a ocorrência de fungos micorrízicos arbusculares (FMAs no solo rizosférico e nas raízes de cafeeiro (Coffea arabica L. e de Crotalaria breviflora DC., cultivada na entrelinha como adubo verde. Amostras de solo rizosférico e raízes foram coletadas em julho de 1997, em parte de um experimento de longa duração conduzido no campo pelo Instituto Agronômico do Paraná, no município de Mirasselva, PR. Determinou-se a diversidade de FMAs, por meio da identificação morfológica dos esporos, a freqüência de ocorrência de populações de FMAs por meio da contagem direta de esporos no solo, e a colonização radicular. Extraiu-se DNA de raízes de cafeeiro colonizadas e não-colonizadas e de esporos de Acaulospora longula e Scutellospora gilmorei, coletados na rizosfera, realizando-se a PCR ("Polimerase chain reaction" com primers ITS ("Internal transcribed spacer" e comparando os perfis de bandas obtidos. O cultivo de crotalária na entrelinha do cafeeiro aumentou a concentração de esporos de FMAs na rizosfera do cafeeiro. A crotalária e o cafeeiro estimularam populações diferentes de FMAs. O gênero Acaulospora predominou na rizosfera do cafeeiro, e Scutellospora e Gigaspora na rizosfera da crotalária. Usando técnicas moleculares, foi possível caracterizar FMAs na rizosfera e nas raízes colonizadas do cafeeiro. O fungo micorrízico Scutellospora gilmorei, de ocorrência comum em cafeeiro e crotalária, não foi encontrado colonizando as raízes do cafeeiro. O uso de técnicas moleculares pode auxiliar no estudo da dinâmica populacional de FMAs no campo.The sporulation and occurrence of arbuscular mycorrhizal fungi (AMF was evaluated in the coffee trees (Coffea arabica L. and Crotalaria breviflora DC. rhizosphere and roots. C. breviflora was intercropped for green manure of the coffee plants. Samples of rhizosphere soil and roots were collected in July of 1997 in a long-time experiment localized at the Instituto Agron

  1. Ocorrência e atividade de fungos micorrízicos arbusculares em plantios de eucalipto (eucalyptus sp. no litoral norte da Bahia, Brasil Occurrence and activity arbuscular mycorrhizal fungi in eucalypt (eucalyptus sp. plantations in the northern coast of Bahia, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francisco de Sousa Lima

    2013-04-01

    Full Text Available Nas últimas décadas, tecnologias alternativas vêm sendo estudadas visando tornar o cultivo do eucalipto (Eucalyptus sp. mais econômico e sustentável. Entre estas, as associações micorrízicas merecem destaque devido aos inúmeros benefícios que proporcionam às plantas hospedeiras. Este trabalho teve como objetivo avaliar a ocorrência e atividade de fungos micorrízicos arbusculares em plantios de eucalipto utilizados comercialmente pela Copener Florestal Ltda. no litoral norte da Bahia. Foi observada grande variabilidade na densidade de esporos (36,2 a 203,2 esporos em 50 g de solo, colonização micorrízica (10,6 a 57,8% e nos teores de glomalina facilmente extraível e total (0,34 a 1,92 mg g de solo-1 e 0,48 a 3,88 mg g de solo-1 nos plantios de eucalipto. Os resultados neste estudo permitiram concluir que, embora os clones apresentem suscetibilidade à micorrização em condições de campo, variações nas características do solo afetam aspectos ecológicos dos fungos micorrízicos arbusculares nos plantios de eucalipto da Copener Florestal Ltda. no litoral norte da Bahia.In recent decades, alternative technologies have been studied in order to make the cultivation of eucalyptus more economical and sustainable. Among these, the mycorrhizal associations deserve mention because of the many benefits they provide to host plants. Mycorrhizal fungi (AMF form mutualistic association with plant roots, promoting greater uptake of nutrients to the host, which in turn yields products of photosynthesis to the fungus. With the establishment of the association, the plants become more resistant to adverse conditions such as nutrient-poor soil, low pH, high temperature, water stress, decreased microbial activity, among other biotic and abiotic stresses. This study aimed to evaluate the occurrence and activity of mycorrhizal fungi in eucalypt plantations used commercially by Copener Florestal Ltda. northern coast of Bahia. A high variability in

  2. Isolamento e seleção de fungos causadores da podridão-branca da madeira em florestas de Eucalyptus spp. com potencial de degradação de cepas e raízes Isolation and screening of wood white rot fungi from Eucalyptus spp. forests with potential for use in degradation of stumps and roots

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sandra Kunieda de Alonso

    2007-02-01

    Full Text Available Este trabalho objetivou isolar fungos causadores da podridão-branca da madeira, a partir de basidiocarpos e de fragmentos de madeira de eucalipto coletados em várias regiões do país, bem como testar seu potencial de degradação de cepas e raízes mortas em plantios comerciais de eucalipto, após o corte raso. Para o isolamento dos fungos foi desenvolvido um meio de cultura de serragem de eucalipto-ágar. Dentre 292 isolados obtidos e submetidos ao teste de Bavendamm, 144 foram classificados como causadores de podridão-branca, capazes de produzir fenoloxidases. Dentre as nove relações C/N testadas, observou-se uma tendência de ocorrer maior degradação de cavacos naquelas iguais a 60 : 1, 200 : 1 e 300 : 1. Utilizando a relação C/N igual a 60 : 1, realizaram-se dois experimentos para avaliar a degradação de cavacos de Eucalyptus saligna por isolados fúngicos de podridão-branca. No primeiro experimento, avaliado aos 90 dias de incubação, foram selecionados sete isolados, que causaram perda de peso em cavacos superior ou igual à causada por Trametes versicolor, usado para comparação. No segundo experimento foram testados 46 isolados fúngicos. Dentre os mais eficientes estavam os sete isolados selecionados no primeiro teste, além de outros quatro isolados. Baseado na análise de DNA, seis isolados foram identificados, sendo três pertencentes à espécie Pycnoporus sanguineus, um ao gênero Peniophora sp., um ao gênero Pestalotiopsis sp. e um ao gênero Ganoderma sp.The aim of this work was to isolate native wood white-rot fungi from fungal fruit-bodies and eucalyptus wood fragments from different regions of Brazil and to test their potential for degrading dead stumps and roots in Eucalyptus plantings after harvest. Fungi isolates were obtained in a culture medium composed by Eucalyptus sawdust and agar. Among 292 isolates submitted to the Banvedamm test, 144 were classified as phenoloxidases producing isolates. Among nine C

  3. USO DEL BAGAZO ENRIQUECIDO CON EL HONGO Pleurotus ostreatus, EN DIETAS PARA BOVINOS ESTABULADOS EN CEBA UTILIZAÇÃO DO BAGAÇO ENRIQUECIDO COMO FUNGO Pleurotus ostreatus, EM DIETAS PARA BOVINOS ESTABULADOS EM ENGORDA Pleurotus ostreatus ENRICHED SUGAR CANEHUSKS UTILIZATION ON INDOOR CATTLEFATTENING DIETS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    NATALIA LIZETTE CASTAÑO

    2012-12-01

    Full Text Available En la elaboración de la panela, entre el 40 y 54% es bagazo, el cual se caracteriza portener baja proteína y energía, altos compuestos lignocelulósicos, acompañado de una baja digestibilidad, por ello, tradicionalmente ha sido utilizado como combustiblepara las hornillas. El presente trabajo, evaluó el uso del bagazo enriquecido con el hongo Pleurotus ostreatus, como suplemento en dietas para bovinos, frente a otros tratamientos con y sin suplementación comercial. A todos los animales se les suministró una dieta balanceada que consistía en 18 Kg de pasto king grass (Saccharum sinense, 6 Kg de caña (Saccharum officinarum, 3 Kg de cogollo de caña (Saccharum officinarum, 3 Kg de gallinaza y 0,6 Kg de miel de panela, y suplemento ofrecido ad libitum a los tratamientos que lo requerían. Se analizaron las variables ganancia diaria de peso, conversión alimenticia, consumo de materiaseca y el efecto costo beneficio de la suplementación. No se presentaron diferencias significativas (PNa elaboração da rapadura, entre o 40% e 54% é bagaço, o qual se caracteriza por ter baixa proteína e energia, alto composto lignocelulósicos, acompanhado por uma baixa digestibilidade, portanto, tradicionalmente tem sido usado como combustível para os queimadores. Este trabalho avaliou o uso do bagaço enriquecido com o fungo Pleurotus ostreatus como suplemento em dietas para bovinos, comparado com outros tratamentos com e sem suplementação comercial. Aos animais todos foi subministrado uma dieta equilibrada que consistia de 18 Kg de grama king grass (Saccharum sinense, 6 Kg de cana (Saccharum officinarum, 3 Kg de broto de cana (Saccharum officinarum, 3 Kg de estrume e 0,6 Kg de mel de rapadura e suplemento oferecido ad libitum aos tratamentos que o requeiram. Analisaram-se as variáveis: ganho diário de peso, conversão alimentar e consumo de matéria seca e o efeito de custo benefício da suplementação. Não apresentaram diferen

  4. Crescimento micelial e síntese de proteínas de choque térmico em três isolados de fungos ectomicorrízicos sob condições de temperaturas supra-ótimas Mycelial growth and synthesis of heat shock proteins by ectomicorrhizal fungi under supra-optimal temperature conditions

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adão de Siqueira Ferreira

    2007-02-01

    Full Text Available A síntese de proteínas de choque térmico é uma alteração fisiológica transiente na célula de organismos expostos a temperaturas supra-ótimas. A resposta fisiológica ao choque térmico é dependente, particularmente, do tipo de célula e da capacidade dos organismos em responder às alterações do meio. O presente trabalho teve como objetivo avaliar o crescimento micelial e a síntese de proteínas de choque térmico de dois isolados de Pisolithus sp. (RV82 e RS24 e de um isolado de Paxillus involutus em temperaturas supra-ótimas. No trabalho, foram feitas análises de crescimento micelial em placa de Petri com meio apropriado para o crescimento sob condições de temperaturas subletais, letais e de choque térmico. As proteínas nos micélios dos isolados foram marcadas com aminoácido radioativo (³H-leucina, e a radioatividade, quantificada em solução de cintilação. A síntese das proteínas de choque térmico (HSPs foi avaliada em gel de poliacrilamida (SDS-PAGE e 2D-PAGE. Demonstrou-se, com ³H-leucina, que os fungos ectomicorrízicos apresentaram respostas diferenciadas em relação ao crescimento micelial quando expostos a temperaturas supra-ótimas. Os dois isolados de Pisolithus sp., RS24 e RV82, mostraram-se mais tolerantes a altas temperaturas, quando comparado ao isolado de P. involutus. Os isolados de Pisolithus sp. diferem quanto à síntese de proteínas de estresse, com a síntese de HSPs de alta e de baixa massa molecular. Em resposta ao choque térmico, o isolado RV82 sintetizou proteínas putativas dos grupos HSP70, HSP28 e HSP26 e as sHSPs (15-18 kDa, enquanto o isolado RS24 sintetizou as dos grupos HSP86, HSP60, HSP55 e HSP35 e as sHSPs (12-18 kDa. A baixa tolerância a temperaturas elevadas do isolado de P. involutus foi atribuída à ausência de síntese de proteínas putativas do grupo HSPs em condições de choque térmico. Os resultados sugerem que os isolados de fungos ectomicorrízicos diferem quanto

  5. Detecção de compostos voláteis com atividade antibacteriana por fungos endofíticos associados à Costus spiralis

    OpenAIRE

    Deyze Alencar Soares; Poliana Guerino Marson Ascencio; Geovanka Marcelle Aguiar Leão; Katarina Mirna Tenório Marinho Rodrigues; Raphael Sanzio Pimenta

    2015-01-01

    Fungos endofíticos habitam o interior das plantas sem causar-lhe danos, sendo encontrados em órgãos e tecidos vegetais como folhas e ramos. Os pressupostos da interação endófito-planta hospedeira sugerem que as propriedades terapêuticas podem estar no fungo e não na planta ou, provavelmente, na interação entre ambos; por isso é crescente o interesse por endófitos de plantas medicinais. A bactéria grampositiva Streptococcus pneumoniae e a gram-negativa Klebsiella pneumoniae são bactérias patog...

  6. Occurrence and diversity of arbuscular mycorrhizal fungi in trap cultures from soils under different land use systems in the Amazon, Brazil Ocorrência e diversidade de fungos micorrízicos arbuculares em culturas armadilhas de solos sob diferentes sistema de uso na Amazônia, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patrícia Lopes Leal

    2009-03-01

    Full Text Available The aim of this work was to evaluate the occurrence of arbuscular mycorrhizal fungi (AMF species diversity in soil samples from the Amazon region under distinct land use systems (Forest, Old Secondary Forest, Young Secondary Forest, Agroforestry systems, Crops and Pasture using two distinct trap cultures. Traps established using Sorghum sudanense and Vigna unguiculata (at Universidade Regional de Blumenau - FURB and Brachiaria decumbens and Neonotonia wightii (at Universidade Federal de Lavras - UFLA were grown for 150 days in greenhouse conditions, when spore density and species identification were evaluated. A great variation on species richness was detected in several samples, regardless of the land use systems from where samples were obtained. A total number of 24 AMF species were recovered using both methods of trap cultures, with FURB';s traps yielding higher number of species. Acaulospora delicata, A. foveata, Entrophospora colombiana and two undescribed Glomus species were the most abundant and frequent species recovered from the traps. Number of species decreased in each genus according to this order: Acaulospora, Glomus, Entrophospora, Gigaspora, Archaeospora, Scutellospora and Paraglomus. Spore numbers were higher in Young Secondary Forest and Pastures. Our study demonstrated that AMF have a widespread occurrence in all land use systems in Amazon and they sporulate more abundantly in trap cultures from land uses under interference than in the pristine Forest ecosystem.O objetivo deste trabalho foi avaliar a ocorrência de espécies de fungos micorrízicos arbusculares (FMAs em amostras de solos da região Amazônica sob diferentes sistemas de uso da terra (Floresta, Capoeira Velha, Capoeira Nova, Sistema Agroflorestal, Culturas e Pastagens usando dois métodos de culturas armadilhas. Culturas armadilhas estabelecidas com Sorghum sudanense e Vigna unguiculata (na Universidade Regional de Blumenau - FURB e Brachiaria decumbens e

  7. Estabelecimento de plantas herbáceas em solo com contaminação de metais pesados e inoculação de fungos micorrízicos arbusculares Establishment of herbaceous plants in heavy metal contaminated soils inoculated with arbuscular mycorrhizal fungi

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marco Aurélio Carbone Carneiro

    2001-12-01

    Full Text Available Neste trabalho estudou-se o estabelecimento de plantas herbáceas em solo com contaminação de metais pesados (MP e inoculação de fungos micorrízicos arbusculares (FMAs. O experimento foi realizado em bandejas, em esquema fatorial 5 x 2, sendo cinco proporções de solo contaminado com MP na ausência e presença de FMAs. Sementes de oito espécies de gramíneas e uma crucífera (mostarda -- Brassica sp. foram plantadas e cultivadas por 120 dias e avaliadas em dois cortes. No primeiro corte, as gramíneas foram severamente afetadas pela contaminação, e a mostarda foi pouco afetada, mostrando alta tolerância. No segundo corte, o efeito da contaminação foi negligível para as gramíneas, e a inoculação dos FMAs aumentou em 24% a matéria seca destas em relação ao controle sem inoculação. A inoculação teve também efeito positivo na matéria seca das raízes e na colonização micorrízica. Os teores de Cd, Zn e Pb na parte aérea foram maiores na mostarda do que nas gramíneas em ambos os cortes. Apesar de a inoculação não ter efeito no crescimento das gramíneas do primeiro corte, as plantas com inoculação apresentaram maior acúmulo de Zn, Cd e Pb no segundo corte. A maior tolerância da mostarda aos metais pesados permitiu seu crescimento e conseqüente acúmulo de Zn, Cd e Pb do solo contaminado. A extração destes elementos do solo pode ter contribuído para o melhor desenvolvimento subseqüente das gramíneas, favorecendo o estabelecimento das plantas.The establishment of herbaceous plants in soil contaminated by heavy metals (HM and inoculated with arbuscular mycorrhizal fungi (AMF was evaluated in the present study. The experiment was conducted in trays, in a 5 x 2 factorial, being five proportions of contaminated soil with or without inoculation with arbuscular mycorrhizal fungi (AMF. Seeds of eight grass species and a mustard (Brassica sp. were planted and allowed to grow for 120 days under greenhouse conditions

  8. Resistência natural de nove madeiras do semiárido brasileiro a fungos xilófagos em simulares de campo Natural resistance of nine woods from the Brazilian semi-arid region to wood-destroying fungi in field simulators

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juarez Benigno Paes

    2009-06-01

    Full Text Available Os objetivos desta pesquisa foram avaliar a resistência de nove madeiras de ocorrência no semiárido brasileiro a fungos xilófagos em simuladores de campo e relacionar a resistência natural com a densidade e teor de substâncias extraídas em água quente. As madeiras estudadas foram algaroba (Prosopis juliflora, angico-vermelho (Anadenanthera colubrina var. cebil, aroeira (Myracrodruon urundeuva, braúna (Schinopsis brasiliensis, cássia (Senna siamea, craibeira (Tabebuia aurea, cumaru (Amburana cearensis, pau-d'arco (Tabebuia impetiginosa e pereiro (Aspidosperma pyrifolium. De cada espécie foram retirados corpos-de-prova de 0,5 x 1,5 x 15,0 cm, com a maior dimensão na direção das fibras, em quatro posições na direção medula-casca do tronco. As amostras permaneceram por 180 dias sob ação da microflora natural existente em três tipos de solos: de floresta, de uso agrícola e com gramíneas. Em todas as madeiras ensaiadas, a resistência ao apodrecimento foi afetada pela posição na direção medula-casca. Apenas na aroeira a resistência da madeira esteve associada à sua densidade e à quantidade de extrativos solúveis em água quente. A resistência das madeiras de algaroba, angico, craibeira e pau-d'arco não esteve associada à densidade nem ao teor de extrativos. O alburno foi a posição mais atacada em todos os solos analisados. Entre os solos testados, o de uso agrícola apresentou menos atividade biológica, deteriorando menos as madeiras testadas.The objectives of this research were to evaluate the natural resistance of nine woods from the Brazilian semi-arid region to fungi under field simulator condition and to correlate the wood natural resistance with the wood density and the content of extractives soluble in hot water. The studied woods were Prosopis juliflora, Anadenanthera colubrina var. cebil, Myracrodruon urundeuva, Schinopsis brasiliensis, Senna siamea, Tabebuia aurea, Amburana cearensis, Tabebuia

  9. Fungos endofíticos associados a plantas medicinais Endophytic fungi associated with medicinal plants

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    V Mussi-Dias

    2012-01-01

    Full Text Available Com a utilização de plantas medicinais em infusões, xaropes, tinturas, ungüentos, dentre outras formas, pressupõe-se que fungos endofíticos, presentes no interior das plantas, mas sem causar doença, possam tornar-se um componente destes produtos, principalmente quando utilizados in natura. Além disso, os fungos endofíticos podem também produzir substâncias tóxicas aos usuários ou mesmo alterar o metabolismo vegetal, modificando a composição e as propriedades medicinais, assim como, a qualidade do produto armazenado e comercializado. Neste sentido, objetivou-se isolar e identificar a flora fúngica endofítica de onze espécies medicinais escolhidas ao acaso. Obtiveram-se culturas-puras dos fungos Phomopsis, Colletotrichum, Pestalotia, Trichoderma, Fusarium, Nigrospora e Glomerella ocorrendo endofiticamente em Plectranthus barbatus, Vernonia condensata, Pfaffia paniculata, Foeniculum vulgare, Cymbopogon citratus, Cymbopogon nardus, Cordia curassavica, Maytenus ilicifolia, Punica granatum, Morus nigra e Bauhinia forficata. As espécies vegetais em que se identificaram o maior número de fungos endofíticos foram Vernonia condensata, Punica granatum e Morus nigra. Todos os fungos recuperados neste trabalho apresentaram características estritamente endofíticas, não manifestando patogenicidade nas espécies hospedeiras. Dentre os fungos detectados, especial atenção deve ser dada ao gênero Fusarium, uma vez que inúmeras espécies deste gênero são conhecidas produtoras de micotoxinas e constituem-se em importantes patógenos pós-colheita.With the use of medicinal plants in infusions, syrups, dyes, unguents, among other forms, it is expected that endophytic fungi, present inside the plants but not causing diseases, become components of these products, especially when used in natura. In addition, endophytic fungi can produce toxic substances to the users or even modify the plant metabolism, altering the medicinal composition and

  10. Diversidade de fungos micorrízicos arbusculares em remanescente florestal impactado (Parque Cinqüentenário - Maringá, Paraná, Brasil Diversity of arbuscular mycorrizal fungi in an impacted forest remnant - Parque Cinquentenário, Maringá, Paraná, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fábio Eduardo Ferreira dos Santos

    2011-06-01

    Full Text Available As micorrizas são consideradas importante componente na recuperação e restabelecimento da vegetação em áreas frágeis ou degradadas, bem como na manutenção da biodiversidade de plantas e das funções dos ecossistemas. O conhecimento da diversidade e dinâmica dos fungos micorrízicos arbusculares (FMA em áreas impactadas pela ação humana é importante para seu manejo e como indicador de sua qualidade. O Parque Cinqüentenário, localizado no município de Maringá, PR, pertence à formação original do conjunto Mata Atlântica, do domínio da floresta Estacional semi-decidual, é um dos poucos remanescentes florestais existentes na cidade de Maringá, PR, e encontra-se em estádio acelerado de degradação. O objetivo deste trabalho foi avaliar a diversidade de FMA nativos no solo e o grau de micorrização das plantas neste ecossistema. Amostras de solo e raízes foram coletadas em 65 pontos diferentes, na profundidade de 0-20 cm. A determinação da porcentagem de colonização micorrízica arbuscular foi feita sob microscópio estereoscópico, pelo método da interseção de quadrantes. A identificação das espécies de FMA foi realizada de acordo com a análise morfológica dos esporos. Foram estimados índices de diversidade, calculados com base no número de esporos em cada amostra. Foi verificada a ocorrência de 50 espécies de FMA, distribuídas em cinco gêneros: Glomus (31 espécies, Acaulospora (10 espécies, Scutellospora (6 espécies, Gigaspora (duas espécies e Paraglomus (uma espécie. Glomus foi o gênero mais abundante, com várias espécies esporocárpicas.Mycorrhizae are important components of any recuperation and recovery plan for threatened and endangered vegetation in degraded areas, as well as for the maintenance of plant diversity and ecosystem functions. Knowledge of diversity and dynamics of arbuscular mycorrhizal fungi (AMF in areas impacted by anthropic activities is important for managing these areas

  11. Ocorrência de Fungos Micorrízicos Arbusculares em resíduo da mineração de bauxita revegetado com espécies arbóreas Arbuscular mycorrhizal fungi occurrence in bauxite mining residue planted to tree species

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Lucy Caproni

    2007-03-01

    Full Text Available Avaliou-se a ocorrência de fungos micorrízicos arbusculares (FMAs em tanques contendo resíduo da mineração de bauxita cultivados com espécies arbóreas inoculadas com Glomus clarum Nicol. & Schenck e Gigaspora margarita Becker & Hall na fase de viveiro. Acacia holosericea A. Cunn. ex G. Don juntamente com Sesbania virgata (Cav. Pers. ou uma mistura de várias espécies foram transplantadas em tanques contendo resíduo de bauxita. Coletaram-se amostras de resíduos em agosto/1998 (estação seca e abril/1999 (estação chuvosa, extraíram e identificaram-se os esporos de FMAs. Determinaram-se a densidade dos esporos de FMAs, a densidade relativa, a freqüência de ocorrência de cada espécie por período de amostragem e o índice de abundância e freqüência (IAF. A densidade dos esporos e a diversidade das espécies de FMAs foram baixas sob ambas as coberturas. Um maior número de esporos de Glomus clarum, e alto IAF, foram detectados no substrato cultivado com Acacia holosericea e Sesbania virgata na época seca. Isto também ocorreu em ambas as áreas na época chuvosa. Não foram encontrados esporos de Gigaspora margarita em ambas as áreas, nas duas épocas. Independentemente da inoculação, verificaram-se esporos de Archeospora leptoticha (Schenck & Smith Morton & Redecker, Entrophospora colombiana Spain & Schenck, Acaulospora mellea Spain & Schenck e Glomus macrocarpum Tulasne & Tulasne em abundância.The establishment of arbuscular mycorrhizal fungi (AMF was evaluated in two areas of bauxite mining residue planted to tree species inoculated with Glomus clarum Nicol. & Schenck and Gigaspora margarita Becker & Hall in the nursery phase. Acacia holosericea A. Cunn. ex G. Don and Sesbania virgata (Cav. Pers. and a mixture of several tree species were transplanted to deposits of containing bauxite mining residue. In August, 1998 (dry season and April, 1999 (rainy season residue samples were collected and AMF spores extracted and

  12. Avaliação da atividade antimicrobiana de pigmentos extracelulares produzidos por fungos endofíticos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Deyze Alencar Soares

    2015-12-01

    Full Text Available Os pigmentos fúngicos apresentam um grande potencial biotecnológico e algumas propriedades são atribuídas, tais como atividade antimicrobiana e antioxidante. Fungos endofíticos estão em íntima associação com os vegetais e são uma fonte alternativa de corantes naturais utilizados na medicina. Este estudo teve como objetivo investigar a atividade antimicrobiana de pigmentos produzidos por fungos endofíticos pertencentes à Coleção de Microorganismos do Laboratório de Microbiologia Geral e Aplicada da Universidade Federal do Tocantins contra patógenos. Sessenta isolados foram selecionados quanto à produção de pigmento, colocados em erlenmeyer contendo 100 mL de caldo batata e incubados a 30ºC por 14 dias. Após este período, os pigmentos extracelulares foram extraídos com etanol 95% e filtrados. O teste de antagonismo in vitro utilizado foi de difusão em discos, inoculados com 10 µL de filtrado dos pigmentos e incubados a 37°C por 24 horas contra patógenos humanos Escherichia coli, Staphylococcus aureus e Candida albicans. Avaliou-se a atividade antimicrobiana pela formação de halos de inibição. Os filtrados não apresentaram potencial antimicrobiano para os patógenos testes. Dessa forma, é de fundamental importância o estudo sobre os fungos endofíticos no combate a bactérias e fungos patogênicos visando identificar substâncias antimicrobianas.

  13. Bactérias e fungos benéficos na endosfera das plantas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Julierme Zimmer Barbosa

    2014-10-01

    Full Text Available No solo, a região da rizosfera em comparação com a massa de solo apresenta marcado contraste biológico, sendo um nicho de grande densidade e diversidade de microorganismos.  Alguns fungos e bactérias benéficos ao desenvolvimento vegetal têm capacidade de colonizar o interior de plantas a partir do solo, conhecidos como organismos endofíticos. Possivelmente sejam as bactérias nodulíferas, com sua reconhecida capacidade de fixar N em leguminosas as mais conhecidas. Bactérias não nodulíferas tem a capacidade de colonizar o interior das raízes das plantas através de regiões de crescimento, em seguida, podem ser carregadas via xilema rumo à parte aérea. Podem ser encontrados em todos os órgãos vegetais, todavia, poucos estudos têm analisado as populações que transitam no continuum solo-planta até atingir caules, folhas, flores, frutos e sementes. O ultimo grupo de organismos endofíticos apresentado é o grupo dos fungos micorrízicos, esses se caracterizam como um sistema de exploração do solo paralelo ao sistema radicular que, com diâmetro extremamente reduzido conseguem minar um grande volume de solo com pequena alocação de C, o que é extremamente benéfico na aquisição de nutrientes, também podem ser benéficos em condições abióticas adversas. Em adição, alguns fungos endofíticos benéficos também podem colonizar órgãos aéreos das plantas. As interações microbiológicas que ocorrem na endosfera são altamente complexas, simultâneas e dependentes de uma série de fatores, assim seu entendimento é de fundamental importância à aplicação prática dos conhecimentos acerca de microorganismos endofíticos em agrossistemas.

  14. Effect of powdered spice treatments on mycelial growth, sporulation and production of aflatoxins by toxigenic fungi Efeito de tratamentos com condimentos em pó sobre o crescimento micelial, esporulação e produção de aflatoxinas por fungos toxigênicos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sára Maria Chalfoun

    2004-08-01

    Full Text Available The effect of ten powdered spice plants was evaluated at the concentration of 1, 2, 3 and 4% to observe the mycelial growth and sporulation of Aspergillus niger and Eurotium repens. The spices were added to the culture media PDA and CYA20S. Clove completely inhibited the mycelial growth of the tested fungi. The other spices: cinnamon, garlic, thyme, mint, anis, oregano and onion were, in a decreasing order, promising antifungals. Bay leaf and basil did not show a pronounced fungistatic effect. The antitoxigenic potential of the spices was tested against one aflatoxin-producing strain of AspergiIIus flavus. The spices were tested at the same concentrations previously mentioned and were added to the culture medium YES, appropriate for the production of those metabolites. Clove completely inhibited the mycelial growth of Aspergillus flavus. Cinnamon and anis totally inhibited the production of Bl and B2 aflatoxin. Both bay leaf and basil inhibited the synthesis of aflatoxin starting from the concentration of 2%. The other spices did not have a pronounced antiaflatoxigenic effect.O efeito de dez plantas condimentares em pó foi avaliado nas concentrações de 1, 2, 3 e 4%, para observar o desenvolvimento micelial e esporulação de Aspergillus niger e Eurotium repens. Os condimentos foram adicionados aos meios de cultura BDA e CYA 20S. O cravo inibiu completamente o desenvolvimento micelial dos fungos testados. Os outros condimentos: canela, alho, tomilho, menta, erva-doce, orégano e cebola foram, em ordem decrescente, antifúngicos promissores. Louro e manjericão não apresentaram um efeito fungistático pronunciado. O potencial antitoxigênico dos condimentos foi testado contra uma cepa de Aspergillus flavus, produtora de aflatoxina. Os condimentos foram testados nas mesmas concentrações previamente mencionadas e foram adicionados ao meio de cultura YES, apropriado para a produção daqueles metabólitos. O cravo inibiu completamente o

  15. Influência de diferentes sistemas de manejo e calagem em experimento de longa duração sobre fungos micorrízicos arbusculares Influence of different management systems and liming on mycorrhizal arbuscular fungi in a long-term experiment

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jerusa Schneider

    2011-08-01

    Full Text Available Visando estudar a influência de diferentes sistemas de manejo do solo com e sem calagem, sobre a coloniza��ão micorrízica radicular e a produção de micélio extrarradicular, por meio de técnica de análise multivariada, utilizou-se um experimento implantado em 1978, no município de Guarapuava, PR. A análise de componentes principais comprovou a existência de efeitos negativos do sistema de preparo convencional do solo sobre a colonização de fungos micorrízicos arbusculares (FMAs do solo, principalmente em estruturas como arbúsculos e vesículas. A calagem apresentou benefícios para os parâmetros de colonização micorrízica e comprimento de micélio extrarradicular, sendo mais significativo nos sistemas de manejo conservacionistas, principalmente o sistema de plantio direto. Nas áreas de sistemas convencionais ocorreu uma redução na colonização micorrízica e, conseqüentemente, diminuição dos efeitos benéficos dos FMAs para as plantas, reduzindo a qualidade do solo e a sustentabilidade.The objective of this work was to evaluate the influence of different soil management systems with and without liming on root colonization and production of extraradicular mycelium. Through multivariate analysis technique, an experiment established in 1978 in Guarapuava, state of Paraná was used. Correspondence analysis proved the existence of negative effects of the conventional tillage on the root mycorrhizal colonization (AMF of the soil, mainly in structures as arbuscules and vesicles. The liming showed to be beneficial for the parameters of root micorrhyzal colonization and hyphal length, being more significant for conservationist management systems, such as no-tillage. In the areas under conventional management systems there was a reduction in micorrhyzal root colonization and consequently a decrease in beneficial effects of AMF for the plants, reducing the quality of the soil and the sustainability.

  16. Biotransformações dos terpenos ?-cariofileno e ácido 3?-acetoxi-copálico presentes em oleorresinas de Copaifera sp utilizando fungos filamentosos e bactérias do trato gastrointestinal e avaliação da atividade citotóxica dos derivados obtidos

    OpenAIRE

    Tatiane Cruz de Carvalho

    2016-01-01

    Oleorresinas de espécies de Copaifera sp são amplamente utilizadas na medicina popular brasileira e estudos químicos e biológicos demonstram que diterpenos e sesquiterpenos estão entre os principais compostos bioativos das oleorresinas. Um importante fator para a avaliação da segurança e eficácia de fármacos é o conhecimento sobre o seu metabolismo, o qual pode ser adquirido por meio de estudos de biotransformação utilizando fungos filamentosos e bactérias do trato gastrointestinal. Os fungos...

  17. Germination and germ tube growth of the arbuscular mycorrhizal fungi Gigaspora albida in different substrates Germinação e crescimento hifálico do fungo micorrízico arbuscular Gigaspora albida em diferentes substratos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leonor C. Maia

    2001-12-01

    Full Text Available The role of the substrate on germination of Gigaspora albida Schenck & Smith was investigated. Spores were desinfested with 0.5% sodium hypochlorite (20 min. and placed on Petri dishes over a Millipore filter, with one of the following media: a- 1% water-agar; b- water-agar + aqueous extract of roots of Panicum miliaceum L.; c- salt medium of Murashige & Skoog (MS or sterilized sand; and incubated in the dark at room temperature (28ºC ± 2. The experimental design was at random with four treatments and four replicates. Germination was evaluated every 7 days until the 28th day. The water-agar medium was the most feasible for spore germination at the 7th day, followed by the MS medium at the 14th day. Conversely, the sand and the root extract medium did not allow high germination. Spores maintained in water-agar also presented longer germ tubes than spores in the other treatments. Auxiliary cells were observed at the beginning of formation of hyphal branching in all treatments, however they were more numerous in the water-agar medium.Foi investigado o papel do substrato sobre a germinação e o crescimento do tubo germinativo de Gigaspora albida Schenck & Smith. Os esporos foram desinfestados com hipoclorito de sódio a 0,5% por 20 min. sob agitação constante, lavados com água destilada esterilizada e colocados em membrana de milipore, em placas de Petri com: 1. ágar água 1%, 2. ágar água 1% + extrato aquoso de raizes de Panicum miliaceum, 3. meio com sais de Murashige & Skoog (MS e 4. areia esterilizada. O material foi incubado no escuro, sob temperatura ambiente (28 ºC ± 2. O delineamento foi inteiramente casualizado, com quatro tratamentos e quatro repetições e a avaliação feita a cada sete dias até completar 28 dias. O meio ágar água 1% foi o mais propício para germinação (100% após sete dias, seguido pelo meio MS, aos 14 dias. Ao contrário, o solo e o meio com extrato de raiz proporcionaram baixo índice de germina

  18. Degradação de xenobióticos por fungos filamentosos isolados de areia fenólica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    J. H. Silva

    2000-09-01

    Full Text Available Microrganismos foram isolados de areia fenólica resultante de atividades metalúrgicas, utilizando meio mínimo para fungos e pentaclorofenol (PCF como única fonte de carbono. Após quatro repiques sucessivos em intervalos de 15 dias de incubação, as culturas foram plaqueadas em meio de Martin. Três gêneros de fungos foram isolados e identificados como Acremonium sp., Paecilomyces sp. e Penicillium sp. Estes foram testados para degradar os corantes índigo e RBBR (Azul Brilhante de Remazol - R e o organoclorado PCF. A descoloração do índigo foi de 99%, para Paecilomyces e Penicillium, e de 74%, para Acremonium, e a de RBBR foi de 16%, para Penicillium; 14%, para Acremonium, e 5%, para Paecilomyces. Usando azul de bromotimol como indicador de degradação de PCF, foram obtidos 24% de descoloração para Acremonium; 22%, para Penicillium, e 17%, para Paecilomyces Utilizando cromatografia gasosa, detectou-se degradação de PCF de 69%, para Penicillium; 65%, para Paecilomyces, e 40% para Acremonium, respectivamente. Os resultados mostraram que foi possível isolar microrganismos de uma areia de fundição, altamente contaminada com fenóis, e os fungos isolados foram capazes de degradar PCF e outros xenobióticos testados.

  19. DEGRADAÇÃO DE PESTICIDAS POR FUNGOS - UMA REVISÃO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jorgeana Almeida J. Benevides

    2015-04-01

    Full Text Available Os pesticidas são reconhecidos como substâncias ou mistura de substâncias que são utilizadas com o objetivo de prevenir, destruir ou controlar qualquer praga. O Brasil é considerado como um dos maiores consumidores de produtos químicos. O Ceará apareceu no Censo Agropecuário do IBGE como o quarto estado brasileiro em número de estabelecimentos que comercializam agrotóxicos. Muitas tecnologias têm sido desenvolvidas no intuito de degradar ou remover estes pesticidas do meio ambiente, pois são potencialmente poluidores. Dentre estas, estão os experimentos de natureza físico-química e biológica, e nesta última se destaca o uso tanto de fungos, como de bactérias agindo como biorremediadores. O emprego de fungos no tratamento de efluentes começou a ser estudado no final do século passado, tendo ocorrido nas duas últimas décadas um incremento nas pesquisas de biodegradação. Eles têm sido usados em várias pesquisas por serem considerados biodegradadores eficientes de moléculas como: fenol, benzeno, tolueno, xileno e pesticidas. Esta revisão tem como objetivo analisar a eficiência fúngica na decomposição de pesticidas.

  20. Uso de esterco no desenvolvimento de mudas de mamoeiro colonizadas com fungos micorrízicos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    TRINDADE ALDO VILAR

    2000-01-01

    Full Text Available O trabalho objetivou a adequação de esterco na composição do substrato para produção de mudas de mamoeiro (Carica papaya L., que permita o melhor estabelecimento da simbiose micorrízica e sua expressão no desenvolvimento da muda. Foram testadas cinco doses de esterco no substrato (0, 5, 10, 20 e 30% e a inoculação ou não de Glomus etunicatum. Após 50 dias de cultivo concluiu-se que: o esterco promove máximo desenvolvimento das mudas nas doses de 20% e 30%; a adição de P e K não resulta em benefícios adicionais no crescimento das mudas; a inoculação de G. etunicatum é eficiente para o desenvolvimento da muda até a dose de 10% de esterco; o fungo coloniza as mudas em doses de até 30% de esterco, mas com tendência decrescente; a combinação de 10% de esterco e inoculação do fungo micorrízico arbuscular promove a formação de plantas sadias, sem sintomas de deficiência nutricional e apropriadas para o transplantio ao campo.

  1. Biodiversidade de fungos filamentosos em água do mar e aplicação de consórcio na degradação de óleo diesel

    OpenAIRE

    ARRUDA, Flávia Virgínia Ferreira de

    2015-01-01

    A biorremediação é uma tecnologia na qual se utiliza micro-organismos capazes dedegradadrem compostos químicos, como os presentes no óleo diesel e outros petroderivados, além do petróleo. O óleo diesel é um combustível fóssil, derivado do petróleo, utilizado em diferentes motores, formado basicamente por hidrocarbonetos (composto químico formado por átomos de hidrogênio e carbono, além de conter na composição, pequena quantidade, oxigênio, nitrogênio e enxofre). É o principal combustível come...

  2. Efeito do fungo Paecilomyces lilacinus sobre ovos de Taenia saginata Effect of the fungus Paecilomyces lilacinus on Taenia saginata eggs

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabio Ribeiro Braga

    2008-12-01

    Full Text Available Com o objetivo de demonstrar a eficácia do fungo Paecilomyces lilacinus sobre ovos de Taenia saginata em condições laboratoriais, foi montado ensaio em placas de Petri com agar - água 2%. Houve atividade ovicida (pWith the aim of demonstrating the effectiveness of the fungus Paecilomyces lilacinus on Taenia saginata eggs under laboratory conditions, a trial was set up in Petri dishes with water-agar 2%. There was ovicidal activity (p < 0.05 in relation to the control group on the tenth day of interaction and an internal colonization rate of 25.5% in the eggs.

  3. Constituintes Químicos de Penicillium sp, um Fungo Endofítico Isolado de Murraya paniculata (Rutaceae)

    OpenAIRE

    Marinho, Andrey Moacir do Rosário; UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS; Marinho, Patrícia Santana Barbosa; Universidade Federal de São Carlos; Filho, Edson Rodrigues; Universidade Federal de São Carlos

    2009-01-01

    Penicillium sp, isolado como um fungo endofítico de Murraya paniculata, foi cultivado por 20 dias em arroz autoclavado de onde as substâncias ergosterol (1), peróxido de ergosterol (2), cerivisterol (3), uracila (4), dulcitol (5) e lactona do ácido mevalônico (6) foram produzidas e isoladas por procedimentos cromatográficos clássicos e identificadas por estudos espectroscópicos, principalmente EM e RMN 1D e 2D.

  4. Avaliação nutricional de mudas de Acacia mangium, Sesbania virgata e Eucalyptus camaldulensis inoculadas com fungos micorrízicos, em casade- vegetação e em cava de extração de argila = Nutritional evaluation of Acacia mangium, Sesbania virgata and Eucalyptus camaldulensis, inoculated with mycorrhizal fungi, grown under greenhouse conditions and in an area of clay extraction

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jolimar Antonio Schiavo

    2009-10-01

    Full Text Available O presente trabalho objetivou avaliar o efeito de fungos micorrízicos arbusculares (FMAs na nutrição de mudas de acácia (Acacia mangium Willd., sesbânia (Sesbania virgata (Cav.Pers. e eucalipto (Eucalyptus camaldulensis Dehnh. em casa-de-vegetação, bem como a influência dos FMAs, do monocultivo e/ou consórcio sobre os teores dos nutrientes nas folhas das plantas em cava degradada pela extração de argila. Em casa-de-vegetação, mudas de acácia inoculadas com FMAs tiveram incrementos nos conteúdos de N, P e Zn de 22, 71 e 67%, respectivamente; as de sesbânia, de 39, 49, 56, 24, 105 e 54%, respectivamente para N, P, Ca, Mg, Mn e Zn. Na cava de extração de argila, plantas de acácia consorciadas com sesbânia apresentaram menor teor de Ca nas folhas. Ainda, no consórcio com eucalipto, plantas de acácia inoculadas com FMAs tiveram incrementos de 36% no teor de Mg, em relação às sem inoculação. Plantas de sesbâniaconsorciadas com acácia e/ou eucalipto apresentaram menor teor de Mg, em relação às do monocultivo. Por outro lado, plantas de eucalipto consorciadas com acácia e/ou sesbânia sem FMAs apresentaram menor teor de N, em relação às do monocultivo. Até o presente momento, não foram observadas melhorias nutricionais em plantas de eucalipto advindas do consórcio com acácia e/ou sesbânia.This work aimed to evaluate, under greenhouse conditions, the effects of arbuscular mycorrhizal fungi (AMF on the nutrient uptake of Acacia mangium, Sesbania virgata and Eucalyptus camaldulensis, as well as, the influence of these fungi on the shoot nutrient content of these plant species, when cultivated in single and intercropping systems, under field conditions in an area of clay extraction. Under greenhouse conditions, AMF inoculation increased N, P and Zn content of A. mangium by 22, 71 and 67%, respectively, and in S. virgata the increase of N, P, Ca, Mg, Mn and Zn was of 39, 49, 56, 24, 105 and 54%, respectively. Under

  5. Proteolytic activities of bacteria, yeasts and filamentous fungi isolated from coffee fruit (Coffea arabica L. = Atividade proteolítica de bactérias, leveduras e fungos filamentosos presentes em grãos de café (Coffea arabica L.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mirian Pereira Rodarte

    2011-07-01

    Full Text Available One hundred forty-four microorganisms previously isolated from coffee fruit (Coffea arabica were grown on casein agar to evaluate their proteolytic activities. Fifty percent of filamentous fungi, 52.5% of bacteria and 2.6% of yeasts were able to secrete proteases. Positiveisolates were further examined in liquid culture for their protease activities by hydrolysis of casein at different pH values (5.0, 7.0 and 9.0 at 30 oC. Bacillus megaterium, B. subtilis, Enterobacteragglomerans, Kurthia sp, Pseudomonas paucimobilis and Tatumella ptyseos demonstrated the highest proteolytic activities at pH 9.0. One yeast isolate, Citeromyces matritensis, had a proteolytic activityof 2.40 U at pH 5.0. Aspergillus dimorphicus, A. ochraceus, Fusarium moniliforme, F. solani, Penicillium fellutanum and P. waksmanii showed the highest activities. Of the bacterial isolates, the highestenzyme activities were observed in B. subtilis 333 (27.1 U, Tatumella ptyseos (27.0 U and B. megaterium 817 (26.2 U. Of the filamentous fungi, Aspergillus ochraceus (48.7 U, Fusarium moniliforme 221 (37.5 U and F. solani 359 (37.4 U had the highest activities at pH 9.0. Este trabalho teve por objetivos avaliar a capacidade de secreção de proteases extracelulares por 144 microrganismos, previamente isoladosde grãos de café (Coffea arabica durante fermentação por via seca, e determinar a atividade das enzimas produzidas. Os microrganismos foram cultivados em ágar-caseína para avaliação da produção de enzimas proteolíticas. Dos 40 isolados de bactéria presentes na amostra, 52,5% apresentaram resultado positivo para o teste. Considerando os 66 isolados de fungos filamentosos, 50% foram capazes de secretar proteases, enquanto que dos 38 isolados de leveduras, apenas 2,6% conseguiram promover a hidrólise da caseína do meio. Os isolados que apresentaram capacidade de secreção de proteases foram, posteriormente, cultivados em meio líquido para a determinação da atividade

  6. Patterns of diversity and abundance of fungus-growing ants (Formicidae: Attini in areas of the Brazilian Cerrado Padrões de diversidade e abundância de formigas cultivadoras de fungo (Formicidade: Attini em áreas do Cerrado Brasileiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Heraldo L. Vasconcelos

    2008-09-01

    Full Text Available Fungus-growing ants (tribe Attini are characteristic elements of the New World fauna. However, there is little information on the patterns of diversity, abundance, and distribution of attine species in their native ecosystems, especially for the so-called "lower" genera of the tribe. A survey of attine ant nests (excluding Atta Fabricus, 1804 and Acromyrmex Mayr, 1865 was conducted in a variety of savanna and forest habitats of the Cerrado biome near Uberlândia, Brazil. In total, 314 nests from 21 species of nine genera were found. Trachymyrmex Forel, 1893 was the most diverse genus with 10 species. Eighteen species were found in the savannas, including Mycetagroicus cerradensis Brandão & Mayhé-Nunes, 2001, a species from a recently-described genus of Attini, whereas in the forests only 12 species were found. Forest and savannas support relatively distinct faunas, each with a number of unique species; the species present in the forest habitats did not represent a nested subset of the species found in the savannas. Furthermore, although many species were common to both types of vegetation, their abundances were quite different. The density of attine nests is relatively high at some sites, exceeding an estimated 4,000 nests per hectare. In this sense, attine ants can be regarded as prevalent invertebrate taxa in the Brazilian Cerrado.As formigas cultivadoras de fungos (tribo Attini são exclusivas da fauna do Novo Mundo. Entretanto, existem poucas informações sobre os padrões de diversidade, abundância e distribuição das espécies de Attini em seus ecossistemas nativos, em especial para os gêneros menos derivados desta tribo. Um levantamento de ninhos de Attini (excluindo Atta Fabricius, 1804 e Acromyrmex Mayr, 1865 foi realizado em diversos ambientes savânicos e de floresta do bioma Cerrado próximos à Uberlândia, Brasil. Encontramos 314 ninhos de 21 espécies pertencentes a nove gêneros da tribo. Trachymyrmex Forel, 1893 foi o g

  7. Efeito de fungos micorrízicos arbusculares no desenvolvimento do abacateiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Silveira Samar Velho da

    2002-01-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi determinar a influência da inoculação de seis espécies de fungos micorrízicos arbusculares (FMA (Glomus clarum, G. etunicatum, G. manihotis, Acaulospora scrobiculata, Scutellospora heterogama e Gigaspora margarita sobre o desenvolvimento vegetativo de mudas de abacateiro (Persea sp., nas fases de porta-enxerto, de muda enxertada e de muda no pomar. A influência dos FMA em abacateiros foi variável conforme a espécie do endófito em estudo. As espécies S. heterogama, A. scrobiculata, G. etunicatum e G. clarum colonizaram mais intensamente o sistema radicular dos abacateiros, promovendo melhor desenvolvimento vegetativo das plantas, na fase de porta-enxerto, ao longo do período de produção da muda e após o transplante para pomar.

  8. EFEITO DE FUNGOS MVA NATIVOS E INTRODUZIDOS NO RENDIMENTO DE CORNICHÃO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antônio Carlos dos Santos Pessoa

    1994-01-01

    Full Text Available RESUMO Com o objetivo de avaliar o efeito de fMVA nativos, Glomus clarum e Glomus etunicatum, na absorção de fósforo (P e produção de massa seca (MS pelo cornichão (Lotus comiculatus L. em condições naturais e modificadas pela calagem e verificar a compatibilidade entre as espécies introduzidas e os fMVA nativos ocorrentes no solo, conduziu-se um experimento em casa de vegetação, em solo Podzólico Vermelho Amarelo (Hapludalf. Os tratamentos constituiram-se de fatorial 5x2x2, ou seja, cinco níveis de combinação com fMVA (Glomus clarinn, Glomus etunicatum, fungos nativos, mistura de fungos nativos mais as duas espécies de Glomus e sem inoculação com fMVA; com pH 4,8 e 6,0 e duas doses de fósforo 30 e 90mg de P2O5/kg de solo, com três repetições, no delineamento inteiramente casualizado. Os maiores rendimentos de MS e acumulação de P foram obtidos nos tratamentos que receberam a dose mais alta de P e calagem para pH 6,0. O fMVA Glomus clarum foi efetivo e eficiente em suprir P às plantas de cornichão quando cultivado em solo com baixa disponibilidade de P (5,5ppm ex-trator Mehlich e em condições de pH baixo (pH 4.5, aumentando a produção de MS a acumulação de P, mas quando em condição intermediária de P (15ppm extrator Mehlich e pH baixo (pH 4,5 os fungos introduzidos não diferiram da testemunha e fMVA nativos para a produção de MS, mas a acumulação de P foi maior nos tratamentos que receberam Glomus clarum. Em condições de pH moderadamente baixo (pH 5,5 e disponibilidade intermediária de P os fungos introduzidos foram superiores à testemunha e fMVA nativos para a produção de MS. Os tratamentos com os maiores níveis de taxa de colonização micorrízica corresponderam aos de maiores rendimentos de MS, acumulação de P e ao maior número de esporos encontrados após o cultivo, evidenciando que a introdução de fMVA pode ser viável quando as espécies nativas não são eficientes para a cultura ou

  9. Biological control of mycotoxin-producing molds Controle biológico de fungos de armazenamento produtores de micotoxinas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Flávio Henrique Vasconcelos de Medeiros

    2012-10-01

    Full Text Available Mycotoxins are produced by the secondary metabolism of many fungi and can be found in almost 25% of the world's agricultural commodities. These compounds are toxic to humans, animals, and plants and therefore, efforts should be made to avoid mycotoxin contamination in food and feed. Besides, up to 25% of all harvested fruits and vegetables are lost due to storage molds and/or mycotoxin contamination and many methods have been applied to mitigate these issues, but most of them rely on the use of fungicides. Although chemicals are often the first defensive line against mycotoxigenic fungi, the indiscriminate use of fungicides are awakening the public perception due to their noxious effects on the environment and human/animal health. Thus, there is an increasing public pressure for a safer and eco-friendly alternative to control these organisms. In this background, biological control using microbial antagonists such as bacteria, fungi and yeasts have been shown to be a feasible substitute to reduce the use of chemical compounds. Despite of the positive findings using the biocontrol agents only a few products have been registered and are commercially available to control mycotoxin-producing fungi. This review brings about the up-to-date biological control strategies to prevent or reduce harvested commodity damages caused by storage fungi and the contamination of food and feed by mycotoxins.As micotoxinas são produzidas pelo metabolismo secundário de várias espécies de fungos e podem ser encontradas em quase 25% das commodities agrícolas. Esses compostos são tóxicos a humanos, animais e plantas e, portanto, esforços para evitar a contaminação de micotoxinas em alimentos e rações devem ser feitos. Além disso, até 25% das frutas e legumes em pós-colheita são perdidos em decorrência do ataque de fungos de armazenamento e/ou contaminações por micotoxinas. Vários métodos têm sido aplicados para mitigar os problemas de micotoxinas

  10. Occurrence of arbuscular mycorrhizal fungi in soils of early stages of a secondary succession of Atlantic Forest in South Brazil Ocorrência de fungos micorrízicos arbusculares em solos de estádios iniciais de uma sucessão secundária da Floresta Atlântica no sul do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sidney Luiz Stürmer

    2006-09-01

    Full Text Available Arbuscular mycorrhizal fungi (AMF species diversity and mycorrhizal inoculum potential were assessed in areas representative of stages of secondary succession in the Brazilian Atlantic Rain Forest. Within each stage - pioneer, 'capoeirinha' and 'capoeirão'- four transects were established and three soil samples were taken along each transect. The plant community was dominated by Pteridium aquilinium in the pioneer stage, while Dodonaea viscosa and P. aquilinium were co-dominants in the 'capoeirinha' stage. In capoeirão, Miconia cinnamomifolia was dominant followed by Euterpe edulis. Total spore number per 100 g soil was significantly larger in the 'capoeirinha' stage than in the other stages, although the number of viable spores was similar among stages. Acaulosporaceae and Glomeraceae were the predominant families accounting for 83% of the total spores recovered. Of the 18 spore morphotypes, 10 were allocated to known species, with Acaulospora sp. and Glomus sp. being the dominants recovered in all samples. Simpson's index of diversity and evenness for AMF species were not significantly different among the successional stages and AMF species richness was negatively correlated with plant species richness. Soil from 'Capoeirinha" showed the highest inoculum potential (37%. Dominance of the mycorrhizal community by few sporulators and the relationship between plant and fungal diversity are discussed.A diversidade de fungos micorrízicos arbusculares (FMAs e o potencial de inóculo micorrízico foram determinados em estádios de sucessão secundária da Floresta Atlântica. Dentro de cada estádio - pioneiro, capoeirinha e capoeirão - quatro transectos foram estabelecidos e três amostras de solo foram obtidas por transecto. A comunidade vegetal foi dominada por Pteridium aquilinium no estádio pioneiro e Dodonaea viscosa e P. aquilinium foram co-dominantes na capoeirinha. No capoeirão, Miconia cinnamomifolia foi dominante seguida por Euterpe

  11. Bacterial, fungal and yeast contamination in six brands of irreversible hydrocolloid impression materials Contaminação por bactérias, fungos e leveduras em seis marcas comerciais de materiais de moldagem à base de hidrocolóide irreversível

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciana Assirati Casemiro

    2007-06-01

    Full Text Available This study assessed the level of contamination of six commercially available irreversible hydrocolloids (two containing chlorhexidine and identified the contamination present in the materials. Petri dishes containing selective and enriched culture media were inoculated with alginate powder (0.06 g, in triplicate. After incubation (37°C/7 days, the colony-forming units (CFU were counted and Gram stained. Biochemical identification of the different morphotypes was also performed. The contamination levels for the materials were: Jeltrate - 389 CFU/g; Jeltrate Plus - 516 CFU/g; Jeltrate Chromatic - 135 CFU/g; Hydrogum - 1,455 CFU/g; Kromopan - 840 CFU/g; and Greengel - 59 CFU/g. Gram staining revealed the presence of Gram-positive bacillus and Gram-positive cocci. The bacteria Staphylococcus epidermidis, Bacillus subtilis, Bacillus sp., Bacillus coagulans, Bacillus licheniformis, Bacillus cereus, Micrococcus luteus, and Nocardia sp.; the filamentous fungi Aspergillus niger, Aspergillus flavus, Rhizopus sp., Neurospora sp.; and the yeast Candida sp. were isolated. The contamination detected in the impression materials points out the need for adopting measures to improve the microbiological quality of these materials. The use of contaminated materials in the oral cavity goes against the basic principles for controlling cross-contamination and may represent a risk for debilitated or immunocompromised patients.Este estudo avaliou o nível de contaminação de seis marcas comerciais de alginato (duas contendo clorexidina e identificou a contaminação presente nesses materiais. Alíquotas de alginato (0,06 g foram semeadas em meios de cultura seletivos e enriquecidos, em triplicata. Após incubação (37°C/7 dias, as unidades formadoras de colônia (UFC foram contadas e foram realizadas as identificações morfotintorial (Gram e bioquímica. Os níveis de contaminação dos materiais foram: Jeltrate - 389 UFC/g; Jeltrate Plus - 516 UFC/g; Jeltrate

  12. Seleção de fungicidas visando à preservação de fungos micorrízicos arbusculares nativos no cultivo do feijoeiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Amália A. B. Campos

    2015-09-01

    Full Text Available RESUMOObjetivou-se indicar, neste trabalho, dentre alguns fungicidas químicos recomendados para o controle das doenças em feijoeiro, quais seriam mais adequados considerando-se os fungos micorrízicos arbusculares nativos como bioindicadores. O experimento foi conduzido em casa de vegetação sob condições controladas com sete tratamentos e cinco repetições, sendo água, azoxistrobina, piraclostrobina, tebuconazol + trifloxistrobina, trifloxistrobina, óxido cuproso e mancozebe. Os parâmetros avaliados foram colonização micorrízica, número de esporos viáveis, teores foliares de N, P e K, massa seca da raiz e da parte aérea e massa fresca de vagem. Azoxistrobina, tebuconazol + trifloxistrobina e trifloxistrobina não causaram diferença significativa na colonização de fungos micorrízicos arbusculares nativos na quantidade de esporos no solo nem nos teores de N, P e K foliar em relação ao controle. Piraclostrobina, óxido cuproso e mancozebe inibiram a colonização micorrízica em referência ao controle. Os fungicidas à base de azoxistrobina, tebuconazol + trifloxistrobina ou trifloxistrobina podem ser usados para o controle das principais doenças do feijoeiro sem inibir a atividade dos fungos micorrízicos arbusculares nativos.

  13. Acúmulo de ácido oxálico e cristais de cálcio em ectomicorrizas de eucalipto.: II- formação de cristais de oxalato de cálcio induzida por fungos ectomicorrízicos em raízes laterais finas Accumulation of oxalic acid and calcium crystals in ectomycorrhizas of eucalypt.: II- calcium oxalate crystal formation induced by ectomicorrhizal fungi in fine lateral roots

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jhon Alexander Zambrano Gonzalez

    2009-06-01

    Full Text Available O eucalipto é eficiente na aquisição de Ca do solo, mas pouco se sabe sobre a participação das ectomicorrizas e dos ácidos orgânicos nesse processo em campo. O acúmulo de cristais de Ca (CaOx foi avaliado em, aproximadamente, 2.100 raízes laterais finas e ectomicorrizas do híbrido de Eucalyptus grandis x Eucalyptus urophylla, cultivado por 2,5 anos em área com topografia típica em meia laranja, com vertente côncavo-convexa, na região de Viçosa, MG. Técnicas de microscopia óptica e microscopia eletrônica de varredura foram usadas para a visualização dos CaOx. Em 73,7 % das raízes, ocorreu abundante acúmulo de drusas e grânulos de CaOx nas células do córtex. A presença conspícua de CaOx foi observada em 56,2 % das ectomicorrizas e em 17,5 % das raízes laterais finas não colonizadas, evidenciando o papel das micorrizas no acúmulo de Ca em eucalipto. A forma predominante dos CaOx foram as drusas nas ectomicorrizas e os grânulos cristalinos nas raízes. Os dez morfotipos de ectomicorrizas observados na área diferiram quanto à presença e à morfologia dos CaOx, o que pode representar distintas capacidades dos fungos ectomicorrízicos em fornecer Ca para a planta hospedeira. A análise da superfície do manto das ectomicorrizas por microscopia eletrônica de varredura não evidenciou a presença de CaOx nessa estrutura, confirmando que, nas condições avaliadas, o acúmulo de cristais limita-se ao córtex radicular. Este é o primeiro relato da ocorrência de CaOx em ectomicorrizas de eucalipto no Brasil, com dados que comprovam que há mecanismos de armazenamento de Ca nas ectomicorrizas em áreas com baixa disponibilidade do elemento.Eucalypt is efficient at taking up Ca from the soil, however little is known about the contribution of ectomycorrhizas and organic acids to this process under field conditions. The accumulation of calcium oxalate crystals (CaOx was evaluated in, approximately, 2,100 fine lateral roots

  14. Comunidades microbianas, atividade enzimática e fungos micorrízicos em solo rizosférico de "Landfarming" de resíduos petroquímicos Microbial communities, enzymatic activity and mycorrhizal fungi in rhizospheric soil used for Landfarming of Petrochemical Waste

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    André Shigueyoshi Nakatani

    2008-08-01

    Full Text Available As raízes das plantas podem estimular a microbiota do solo, a qual pode contribuir para o aumento da eficiência do processo de remediação. Assim, avaliar a magnitude dos efeitos das raízes sobre a microbiota do solo é de grande interesse e de relevância prática e ecológica. Neste trabalho, avaliaram-se a densidade microbiana, a atividade enzimática, a estrutura da comunidade bacteriana e a presença de fungos micorrízicos arbusculares (FMAs na rizosfera de plantas de ocorrência espontânea em solo de sistema de "landfarming" de resíduos petroquímicos. Avaliaram-se também solos rizosféricos de cinco plantas e solo-controle sem planta por meio de contagens de microrganismos em placas, eletroforese em gel com gradiente desnaturante (DGGE de fragmentos do gene rRNA 16S, seqüenciamento genético, atividades enzimáticas, percentagem de colonização radicular e contagem e identificação de esporos de FMAs. As plantas estimularam a densidade microbiana total e da população de degradadores de antraceno, com contagens médias de 1,5 x 10(6 e 2,2 x 10(6 UFC g-1 no solo seco, respectivamente, enquanto, no solo sem planta, essas contagens foram de 5,7 x 10(5 e 2,9 x 10(5 UFC g-1 no solo seco para os respectivos grupos microbianos. As espécies de maior efeito foram Bidens pilosa e Eclipta alba. Entretanto, esses efeitos estimulantes não foram verificados para a atividade enzimática do solo. A colonização micorrízica das raízes (em torno de 40 % e a densidade de esporos nos solos rizosféricos foram elevadas (entre 900 e 4.800 esporos por 50 cm³ de solo, sendo maior na Brachiaria decumbens. Foram identificadas quatro espécies de FMAs: Acaulospora morrowiae, Glomus intraradices, Paraglomus occultum e Archaeospora trappei. Com exceção de G. intraradices, essas espécies não foram observadas em áreas contaminadas por hidrocarbonetos de petróleo. A análise por DGGE revelou que os solos rizosféricos apresentaram comunidades

  15. Preservação de fungos fitopatogênicos habitantes do solo Storage of soilborne phytopathogenic fungi

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    César J. Bueno

    2006-03-01

    Full Text Available A preservação de fungos fitopatogênicos por longos períodos de tempo é importante para que pesquisas possam ser realizadas a qualquer momento. Os fungos habitantes do solo são organismos que podem produzir estruturas de resistência em face de situações adversas, tais como ausência de hospedeiros e ou condições climáticas desfavoráveis para a sua sobrevivência. O objetivo deste trabalho foi desenvolver metodologias de preservação de estruturas de resistência para os fungos Fusarium oxysporum f.sp. lycopersici raça 2, Macrophomina phaseolina, Rhizoctonia solani AG4 HGI, Sclerotium rolfsii, Sclerotinia sclerotiorum e Verticillium dahliae. O delineamento foi inteiramente casualizado, com um método de produção de estruturas para cada fungo, submetido a três tratamentos [temperatura ambiente de laboratório (28±2ºC, de geladeira (5ºC e de freezer (-20ºC] e com dois frascos por temperatura. Mensalmente, e por um período de um ano, a sobrevivência e o vigor das colônias de cada patógeno foram avaliadas em meios de cultura específicos. Testes de patogenicidade foram realizados após um ano de preservação, com as estruturas que sobreviveram aos melhores tratamentos (temperatura para todos os fungos. As melhores temperaturas (tratamentos para preservar os fungos foram: a F. oxysporum f.sp. lycopersici em temperatura de refrigeração e de freezer (5,2 e 2,9 x 10³ufc.g-1 de talco, respectivamente; b M. phaseolina em temperatura de refrigeração [100% de sobrevivência (S e índice 3 de vigor (V] e S. rolfsii em temperatura ambiente (74,4% S e 1 V e c S. sclerotiorum e V. dahliae, ambos em temperatura de freezer (100% S e 3 V. Após um ano de preservação, somente V. dahliae perdeu a patogenicidade na metodologia desenvolvida.Preservation of soilborne phytopathogenic fungi for long periods of time is important so that researches can be followed up at any moment. Soilborne phytopathogenic fungi are organisms that can

  16. Nutrição e crescimento do fungo nematófago Arthrobotrys oligospora

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eliane R. Cardoso

    2009-12-01

    Full Text Available As condições de crescimento e os requerimentos nutricionais de Arthrobotrys oligospora, um fungo nematófago, foram investigados em meio líquido. O organismo foi incubado em meio sintético, a 30º C e em cultura estacionária. O perfil da curva de crescimento do fungo ajustou-se a uma equação de 3º grau, mesmo após 15 dias de incubação. A temperatura e o pH ótimos para produção de micélio foram observados a 25º C e pH 5,0, respectivamente. Contudo, não foram observadas diferenças significativas entre a produção de biomassa nas temperaturas de 25º C e 30º C ou pH 5.0 e 6.0. Várias fontes de carbono foram utilizadas pelo fungo, porém a maior produção de biomassa foi verificada com maltose e sacarose. Das fontes de nitrogênio testadas, várias proteínas (triptona, extrato de levedura, caseína, peptona e casaminoácidos e fontes inorgânicas (nitrato de sódio e cloreto de amônio estimularam a maior produção de biomassa. Das várias vitaminas experimentadas, o crescimento do fungo aumentou 2,2 vezes com riboflavina e 2,3 vezes com a mistura biotina e tiamina em relação ao controle, sem vitamina. De modo geral, constatou-se, após o período de incubação, que o pH inicial do meio de cultura pode aumentar até 8,4. Estes resultados sugerem que as variáveis estudadas podem ter papel importante no crescimento do organismo no solo.The growth conditions and the nutritional requirements of Arthrobotrys oligospora, a nematophagous fungus, were investigated in liquid culture. The organism was incubated in a synthetic medium, at 30º C in a static culture. Time course of growth was adjusted to a 3º degree equation, even after 15 days of incubation. Optimal temperature and pH for mycelium production were observed at 25º C and pH 5.0, respectively. However, significant differences were not found among the biomass production at temperatures 25º C and 30º C or pH 5.0 and 6.0. Several carbon sources were used by the fungus

  17. Seasonal dynamics of arbuscular mycorrhizal fungi in plants of Theobroma grandiflorum Schum and Paullinia cupana Mart. of aN agroforestry system in Central Amazonia, Amazonas State, Brazil Dinâmica sazonal de fungos micorrízicos arbusculares em plantas de Theobroma grandiflorum Schum e Paullinia cupana Mart. de um sistema agroflorestal na Amazônia Central, Amazonas, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Arlem Nascimento de Oliveira

    2005-09-01

    Full Text Available The seasonal dynamics of Arbuscular Mycorrhizal Fungi (AMF was investigated in the rhizosphere of two fruit species in a terra firme (upland ecosystem in Central Amazonia. Two host species (Theobroma grandiflorum and Paullinia cupana and nine sampling months (August, September and December/1998, February, April, May and December/1999, February and May/2000 were studied in a completely randomized design, with five replications, set in a 2 x 9 factorial experiment. Soil (0-20 cm depth and root samples were collected between August 1998 and May 2000. The mean percent colonization of AMF for both species reached maximal values in February and May 2000 (rainy season. In April and May 1999, February and May 2000 (rainy season the highest AMF spore numbers were registered. The pluvial precipitation was significantly positively correlated with AMF number spores for both fruit species, and significant positive correlation only with AMF colonization of P. cupana. Soil moisture content was positively correlated with colonization and spore numbers of AMF for both species evaluated. AMF colonization and AMF spore numbers of T. grandiflorum were positively correlated with soil Mg and K concentrations. AMF spore numbers of T. grandiflorum were also negatively correlated with effective cation exchange capacity (ECEC. AMF colonization and AMF spore numbers in the rhizosphere of P. cupana were positively correlated with pH and Mn concentrations. AMF colonization was also positively correlated with AMF spore numbers for both species evaluated. In conclusion, this study showed that AMF colonization and sporulation are seasonal and dependent on host plant species, pluvial precipitation, soil moisture content and soil chemistry in Central Amazonia conditions.A dinâmica sazonal de fungos micorrízicos arbusculares (FMA foi investigada na rizosfera de duas espécies frutíferas em um ecossistema de terra firme na Amazônia Central. Adotou-se o delineamento

  18. Qualidade de vida de pacientes com câncer colorretal em uso de suplementação dietética com fungos Agaricus sylvaticus após seis meses de segmento: ensaio clínico aleatorizado e placebo-controlado Quality of life of patients with colorectal cancer on dietary supplementation with Agaricus sylvaticus fungus: after six months of segment: randomized and placebo-controlled clinical trial

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renata Costa Fortes

    2007-06-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: O câncer gastrointestinal compromete a qualidade de vida devido às alterações fisiológicas, metabólicas e psicológicas. Fungos medicinais podem melhorar a qualidade de vida de pacientes com câncer. OBJETIVO: Avaliar os efeitos da suplementação dietética com fungos Agaricus sylvaticus na qualidade de vida de pacientes com câncer colorretal em fase pós-operatória. METODOLOGIA: Ensaio clínico randomizado, duplo-cego, placebo-controlado, realizado no Hospital de Base do Distrito Federal. Amostra constituída por 56 pacientes (24 homens e 32 mulheres, estádios I, II e III, separados em grupos placebo e Agaricus sylvaticus (30mg/kg/dia, e acompanhados por um período de seis meses. Para avaliar os indicadores da qualidade de vida foram utilizados um formulário-padrão e uma anamnese dirigida-padrão. Os resultados foram analisados de forma qualitativa e descritiva, utilizando os programas Microsoft Excel 2003 e Epi Info 2004. RESULTADOS: Após seis meses de tratamento, observou-se, no grupo Agaricus sylvaticus, aumento da adesão à prática de atividade física, melhora da disposição e do humor, redução das queixas de dores e das alterações do sono como insônia e noites mal dormidas comparado com o grupo placebo. CONCLUSÃO: Os resultados sugerem que a suplementação dietética com Agaricus sylvaticus pode melhorar a qualidade de vida de pacientes no pós-operatório de câncer colorretal.INTRODUCTION: Gastrointestinal cancer jeopardizes the quality of life through physiological, metabolic and psychological alterations. Medicinal fungus may boost the quality of life of patients with cancer. OBJECTIVE: To evaluate the effects of the dietary supplementation with Agaricus sylvaticus fungus in relation to the quality of life in patients with colorectal cancer during post-surgery phase. METHODOLOGY: Randomized, double-blind, placebo-controlled clinical trial carried out at the Federal District Hospital - Brazil, for

  19. Seleção de fungicidas visando à preservação de fungos micorrízicos arbusculares nativos no cultivo do feijoeiro

    OpenAIRE

    Amália A. B. Campos; Scotton,Juliana C.; Wesley L. F. Costa; Valdionei Giassi; Diego F. P. Pinto; Homma,Sergio K.

    2015-01-01

    RESUMOObjetivou-se indicar, neste trabalho, dentre alguns fungicidas químicos recomendados para o controle das doenças em feijoeiro, quais seriam mais adequados considerando-se os fungos micorrízicos arbusculares nativos como bioindicadores. O experimento foi conduzido em casa de vegetação sob condições controladas com sete tratamentos e cinco repetições, sendo água, azoxistrobina, piraclostrobina, tebuconazol + trifloxistrobina, trifloxistrobina, óxido cuproso e mancozebe. Os parâmetros aval...

  20. Fungo micorrízico, fósforo e nitrogênio no crescimento inicial da trema e do fedegoso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M. E. Paron

    1997-12-01

    Full Text Available De março de 1993 a junho de 1994, em vasos com amostra de um latossolo vermelho-escuro (LE argiloso fase cerrado, estudou-se a resposta da trema (Trema micrantha (LBlum. e do fedegoso (Senna macranthera Rich. a fósforo (P nitrogênio (N e à inoculação com o fungo micorrízico arbuscular Glomus etunicatum (Ge Becker & Gerdemann. O trabalho foi desenvolvido em casa de vegetação do Departamento de Ciência do Solo da Universidade Federal de Lavras (MG, por meio de dois experimentos. A inoculação com Ge resultou em efeitos positivos para o crescimento das espécies, sendo esse efeito menos evidente no fedegoso que se beneficiou mais dos fungos indígenas. Em plantas inoculadas, a dose de P necessária para atingir 80% do crescimento máximo (CM foi de 100 mg kg-1 de P no solo, para a trema, e de 80 mg kg-1 de P no solo, para o fedegoso, enquanto as plantas colonizadas pelos fungos indígenas requereram, respectivamente, 3,2 e 1,5 vezes mais P para atingir tal crescimento. Ambas as espécies apresentaram crescimento reduzido na ausência de P, porém tiveram grande crescimento quando receberam superfosfato. Por outro lado, a adição de N mineral não promoveu o crescimento das mudas. A adição de P solúvel e a introdução de G. etunicatum são importantes fatores para o crescimento inicial das espécies estudadas, em solo de baixa fertilidade natural.

  1. Microflora fúngica de sementes de milho em ambientes de armazenamento

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tanaka Maria Aparecida de Souza

    2001-01-01

    Full Text Available Durante o armazenamento, vários fungos podem permanecer associados às sementes de milho, causando deterioração ou se mantendo viáveis, infectando posteriormente a plântula. Objetivou-se neste trabalho verificar a sobrevivência de fungos associados às sementes de milho durante 12 meses de armazenamento, em câmara fria (14ºC; 40% UR e em ambiente não controlado. Observaram-se com maior freqüência os fungos de campo Alternaria alternata, Bipolaris maydis, Cephalosporium acremonium, Cladosporium herbarum, Fusarium moniliforme e Rhizoctonia solani, além de Rhizopus spp. e Trichoderma spp., cuja sobrevivência decresceu ao longo do armazenamento, de modo muito mais acentuado em condição de ambiente não controlado, em comparação à câmara fria. Aspergillus e Penicillium tiveram suas incidências aumentadas ao longo do período, principalmente em ambiente não controlado. Nessa condição, a sobrevivência de Fusarium moniliforme foi reduzida gradativamente até o final dos doze meses; comparativamente, em câmara fria, a viabilidade do fungo foi menos afetada. Bipolaris maydis manteve-se viável na maioria dos lotes, durante todo o armazenamento em câmara fria; em ambiente não controlado, o fungo sobreviveu durante quatro a dez meses, dependendo do lote avaliado. O armazenamento em ambiente não controlado, embora tenha provocado a redução do inóculo de F. moniliforme e outros fungos importantes, poderia acelerar o processo de deterioração das sementes. Em câmara fria, por outro lado, a viabilidade dos fungos é favorecida, comprometendo a qualidade sanitária das sementes.

  2. Acúmulo de ácido oxálico e cristais de cálcio em ectomicorrizas de eucalipto.: I- produção de ácido oxálico e concentração de nutrientes em raízes laterais finas colonizadas por fungos ectomicorrízicos

    National Research Council Canada - National Science Library

    Jhon Alexander Zambrano Gonzalez; Maurício Dutra Costa; Ivo Ribeiro Silva; Júlio César Lima Neves; Nairam Félix de Barros; Arnaldo Chaer Borges

    2009-01-01

    ... com as concentrações de P, Ca, Mg e K foram avaliadas em ectomicorrizas e raízes laterais finas de híbrido de Eucalyptus grandis x Eucalyptus urophylla, de 2,5 anos de idade, na região de Viçosa, MG...

  3. Biologia de Psyllobora confluens alimentada com o fungo Erysiphe cichoracearum Biology of Psyllobora confluens fed with Erysiphe cichoracearum fungus

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Terezinha Monteiro dos Santos Cividanes

    2007-12-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar os aspectos biológicos de Psyllobora confluens alimentada com o fungo Erysiphe cichoracearum em folhas de quiabeiro. Larvas recém-eclodidas de P. confluens foram individualizadas e alimentadas diariamente com hifas e conídios do fungo, em folhas de quiabeiro, a 23,6±3 e 27,4±2ºC e fotófase de 12 horas. A duração dos estágios imaturos, os aspectos reprodutivos e a longevidade de P. confluens foram avaliados. O período de desenvolvimento de larva a adulto foi 20,5 dias a 23,6ºC e 16,6 dias a 27,4ºC. Em ambas as temperaturas, 80% das larvas de P. confluens atingiram a fase adulta. Fêmeas de P. confluens apresentaram período de oviposição de 32,7 dias, com capacidade diária e total de oviposição de 16,8 e 439,9 ovos, respectivamente. A longevidade das fêmeas foi de 46,1 dias e a dos machos 58,7 dias. P. confluens, ao se alimentar do fungo E. cichoracearum em folhas de quiabeiro, completa o ciclo de vida e apresenta elevados padrões de sobrevivência e reprodução.The objective of this work was to assess the biological aspects of Psyllobora confluens fed with Erysiphe cichoracearum fungus in okra leaves. New hatched larvae of P. confluens were individualized and fed daily with powdery mildew hyphae and conidia of the fungus, in okra leaves, at 23.6±3 and 27.4±3ºC and 12 hours of photophase. The developmental period of immature stages, reproductive aspects and longevity of P. confluens were evaluated. The period from larvae development to adult emergence was 20.5 days at 23.6ºC and 16.6 days at 27.4ºC. Under the tested temperatures, 80% of P. confluens larvae reached the adult phase. P. confluens females showed oviposition period of 32.7 days, with daily and total capacity of oviposition of 16.8 and 439.9 eggs, respectively. The longevity of females was 46.1 days and of males 58.7 days. P. confluens fed with E. cichoracearum in okra leaves completes its life cycle and presents high

  4. Um fungo novo do caeté Bilboque, a new genus of hyphomycetes on calathea

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A. P. Viégas

    1960-01-01

    Full Text Available Um fungo hifomicete, ocasionando lesões em folhas de Calathea sp., da família Marantaceae, vulgarmente chamada caeté e tido como novo à micologia brasileira é agora descrito pela primeira vez. Êsse organismo foi constatado também em fôlhas de Canna sp., da família Cannaceae, no Estado do Rio de Janeiro. Ao gênero novo deu-se o nome de Bilboque. À espécie, magnificum. A etimologia do gênero é apresentada e discutida, assim como a posição taxonômica do hifomicete, amparando-as na morfologia. Vai ilustrada com séries de figuras a bico de pena pelo próprio autor.A new genus of the Hyphomycetes is described on living leaves of Calathea sp., caeté in Tupi and Portuguese, a plant belonging to the family Marantaceae. The new erected genus has been called Bilboque, and the specific name magnificum: The implications which this genus have when compared to other well known genera, like Polythrincium, Cordana and Piricularia are focussed, and in order to clear problems dealing with morphological features of the new genus its characteristics have been shown in four serial sequences of figures by Indian ink, all them by the hand of the writer.

  5. Isolamento de fungos degradadores de carbendazim Isolation of carbendazim degrading fungi

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Célia Maria Maganhotto de Souza Silva

    1999-07-01

    Full Text Available Os fungicidas sistêmicos do grupo dos benzimidazóis são amplamente utilizados no controle de muitas doenças de plantas, tanto no solo como na parte aérea, e isso tem sido causa de contaminação ambiental. A ação de alguns microorganismos contribui para degradação e perda da atividade biológica desses fungicidas, podendo reduzir, dessa forma, o risco de impactos negativos. O objetivo deste trabalho foi selecionar fungos com potencial para degradar benomil e seu produto de hidrólise, carbendazim, e quantificar o potencial de degradação. Fungos foram isolados de três diferentes solos da região de agricultura irrigada do município de Guaíra, SP, com histórico de aplicação intensiva de fungicidas benzimidazóis. Dentre os fungos isolados, Alternaria alternata foi a linhagem menos afetada pelo aumento na concentração de benomil no meio de cultura. Na concentração máxima (100 mig mL-1 a inibição da taxa de crescimento de A. alternata foi 22%, enquanto nas demais linhagens foi superior a 45%. Em meio de cultura líquido suplementado com carbendazim, a taxa de crescimento em biomassa de A. alternata foi 43% maior do que a no meio sem carbendazim, o que indica o consumo do fungicida como fonte de carbono. A. alternata degradou rapidamente o fungicida, chegando a 66,21% de desaparecimento do produto em dois dias. A meia-vida de carbendazim nessas condições foi de 1,16 dias.The systemic fungicides belonging to the benzimidazoles group are widely used in agricultural practice and its indiscriminate use has been cause of environmental contamination. The dissipation and the loss of the pesticide biological activity depends, most of the time, on the microorganisms action. The present research was carried out with the objective to select fungi with potential to degrades benomyl and its hydrolysis product, carbendazim, and to quantify its degradation potential. The fungi were isolated from three different kinds of soils collected in

  6. Efeito da desinfestação do solo pelo uso da energia solar sobre fungos micorrízicos arbusculares

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    O. Randig

    2002-03-01

    Full Text Available O uso da energia solar como método de desinfestação do solo apresenta como vantagens, além do baixo custo, ausência de riscos para a saúde humana e para o meio ambiente. Seus efeitos sobre microrganismos benéficos são, entretanto, pouco conhecidos. Objetivou-se, neste estudo, avaliar dois métodos de desinfestação do solo por meio da energia solar, quanto aos seus efeitos sobre fungos micorrízicos arbusculares (FMA. Os experimentos foram realizados na Embrapa Clima Temperado, Pelotas (RS, avaliando-se o efeito da solarização e de um coletor solar sobre uma população nativa de fungos micorrízicos. Após 30dias de tratamento, o potencial de inóculo de FMA, determinado pela técnica do número mais provável, foi reduzido em 93% pela solarização e em 99% pelo coletor solar. Verificou-se, ainda, que nas plantas de milho cultivadas em solo tratado durante dois dias no coletor solar, a colonização micorrízica foi, em média, inferior a 1%, não havendo colonização após nove dias de tratamento.

  7. Identificação e quantificação de fungos associados a sementes de azevém (Lolium multiflorum Lam.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antonio Eduardo Loureiro da Silva

    2014-06-01

    Full Text Available O trabalho teve como objetivos, identificar e quantificar os fungos associados a sementes de azevém, comparar a incidência em diferentes meios de cultura, e determinar o número de escleródios de Claviceps purpurea presentes em amostras de sementes. Foram analisadas 37 amostras de sementes de azevém provenientes de municípios do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná. As sementes foram plaqueadas em três meios de cultura: BDA, semi-seletivo de Reis e semi-seletivo de Segalin & Reis, analisando-se a incidência dos fungos. Para detecção de C. purpurea, foram pesados 100g de sementes por amostra e, através de exame visual, foi determinado o número de escleródios. Os fungos detectados foram Alternaria alternata, Bipolaris sorokiniana, Drechslera spp., D. siccans, Fusarium graminearum, Fusarium spp., Aspergillus spp. e Penicillium sp. A incidência de A. alternata variou de 0,0% a 33,7% e freqüência de 89,2% nas amostras analisadas. Para B. sorokiniana a incidência foi de 0,0% a 2,2% e frequência de 62,2%, Drechslera spp., apresentou incidência de 0,0% a 40,3% e frequência de 78,4%. D. siccans a incidência foi de 0,1% a 20,0% e frequência de 100%.Para Fusarium spp., e F. graminearum a incidência foi de 0,0% a 31,0% e 0,0% a 11,3% e frequência de 81,1% e 64,9%, de 0,0% a 43,7% de incidência e 94,6% de frequência para Aspergillus spp. e Penicillium sp. com incidência entre 0,0% a 51,7% e frequência de 91,9%, respectivamente. O fungo C. purpurea foi encontrado em 81,1% das amostras em estudo.

  8. Identificação dos compostos produzidos na degradação do corante Remazol Brilliant Blue R (RBBR) pela ação do fungo do ambiente marinho Tinctoporellus sp.

    OpenAIRE

    Julie Paulin Garcia Rodriguez

    2014-01-01

    No presente trabalho foram estudados os metabólitos gerados no processo de biodegradação do corante Remazol brilliant blue R (RBBR) pelo fungo Tinctoporellus sp. em meio líquido. Foi investigada a descoloração do meio de fermentação causada por o processo de degradação, monitorando-se a absorbância da solução durante 17 dias por espectrofotometria UV-Vis. Na presença do fungo Tinctoporellus sp. observou-se uma perda de 90% da coloração do meio de crescimento contendo RBBR 90% em um período de...

  9. Cancro em mogno africano no estado do Pará

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Célia Regina Tremacoldi

    2013-06-01

    Full Text Available Sintomas de cancro foram observados em plantios de mogno africano, no município de Dom Eliseu, Pará. Os fungos associados aos tecidos sintomáticos foram identificados como Lasiodiplodia theobromae e Fusarium subglutinans. Culturas puras desses fungos foram testadas quanto à patogenicidade em mudas de mogno africano sadias. Apenas L. theobromae produziu cancro, por meio de inoculação por ferimento e alta umidade. A confirmação de L. theobromae como agente causal do cancro ocorreu após o reisolamento do fungo a partir das plantas inoculadas em casa de vegetação, concluindo a primeira verificação do postulado de Koch para esse patossistema.

  10. Atividade antif?ngica de novas naftoquinonas semissint?ticas frente a fungos oportunistas e dermat?fitos e ensaios preliminares de seus mecanismos de a??o

    OpenAIRE

    Ferreira, Maria do Perpetuo Socorro Borges Carri?o

    2013-01-01

    Introdu??o: O aumento das infec??es f?ngicas, os efeitos adversos e a resist?ncia aos antif?ngicos atualmente utilizados, estimulam novos estudos em busca de melhores agentes antif?ngicos. Nesse contexto, as naftoquinonas s?o amplamente estudadas por possuir v?rias atividades biol?gicas, dentre elas antif?ngica. O objetivo deste estudo foi avaliar a atividade antif?ngica de novas naftoquinonas semissint?ticas frente a fungos oportunistas/dermat?fitos e avaliar a interfer?ncia de uma naftoquin...

  11. USO DE FUNGO ENTOMOPATOGÊNICO PARA CONTROLE DE Aedes aegypti NO CONDOMÍNIO MONDRIAN LIFE, CAMPOS DOS GOYTACAZES – RJ

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriano Rodrigues de Paula

    2016-10-01

    Full Text Available O atual trabalho, com dados preliminares, utilizou, pela primeira vez em Campos dos Goytacazes, Estado do Rio de Janeiro, Brasil, uma armadilha feita de garrafa PET com pano preto impregnado com fungo entomopatogênico Metarhizium anisopliae, denominada “armadilha PET” para o controle populacional de Aedes aegypti. Os testes foram realizados no condomínio “Mondrian Life”, em varandas de apartamentos térreos. Os efeitos da utilização da armadilha PET na população de mosquitos de A. aegypti foram avaliados usando ovitrampas. Apartamentos com armadilha PET + fungo tiveram menor número de ovos de A. aegypti em ovitrampas, comparado com tratamento controle. Todos os ovos coletados nas ovitrampas eram de A. aegypti. A diminuição da população do mosquito A. aegypti, provavelmente diminuirá os incômodos causados por esse vetor e a transmissão de dengue, zika e chikungunya.

  12. Desenvolvimento de mudas de mirtileiro inoculadas com fungos micorrízicos arbusculares

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniela da Hora Farias

    2014-09-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito da inoculação de fungos micorrízicos arbusculares (Glomus clarum Nicolson e Schenck, Glomus etunicatum Becker e Gerd Gigaspora margarita Becker e Hall e Scutellospora heterogama Nicolson e Gerd em mudas micropropagadas de mirtileiro da cultivar Woodard. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos casualizados, com cinco tratamentos, quatro repetições por tratamento e seis plantas por parcela. As plantas inoculadas com G. margarita apresentaram maior altura e biomassa seca das raízes. Os tratamentos com S. heterogama e G. margarita apresentaram os maiores resultados para a biomassa verde das raízes. O desempenho foi relacionado com as taxas de colonização das raízes que, nas plantas inoculadas com G. margarita e S. heterogama, foram de 48,2 e 45,1%, respectivamente. Para os teores nutricionais, as plantas inoculadas com S. heterogama, G. etunicatum, G. clarum e G. margarita proporcionaram maiores teores de N e P na parte aérea das plantas.

  13. Occurrence of filamentous fungi in Simulium goeldii Cerqueira & Nunes de Mello (diptera: simuliidae larvae in central Amazonia, Brazil Ocorrência de fungos filamentosos associados a larvas de Simulium goeldii Cerqueira & Nunes de Mello da Amazônia Central, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Quézia Ribeiro Fonseca

    2008-06-01

    Full Text Available The family Simuliidae is the host of simbiontes fungi that inhabit the digestive tracts of arthropods. This paper reports the presence of fungi in Simulium goeldii Cerqueira & Nunes de Mello larvae in Amazonia. We observed that the larvae are a good component of aquatic systems to isolate filamentous fungi.A família Simuliidae é hospedeira de fungos simbiontes que habitam o trato digestivo de artrópodos. Este estudo reporta a presença de fungos em larvas de Simulium goeldii Cerqueira & Nunes de Mello da Amazônia. Foi observado que as larvas são bons componentes do sistema aquático para isolar fungos filamentosos.

  14. PRODUÇÃO DE MUDAS DE Pinus elliottii Engelm. MICORRIZADAS EM SOLO ARENOSO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Robson Andreazza

    2003-05-01

    Full Text Available A eficiência de diferentes isolados de fungos ectomicorrízicos foi avaliada para produção de mudas de pinus em solo arenoso. Os tratamentos foram: testemunha; fungo Rh 117; fungo Pt Siv.1; fungo FSE – RS (nativo e fungo F1 – RS (nativo. O trabalho foi desenvolvido em casa de vegetação cujas mudas foram produzidas em solo sob processo de “arenização”, coletado no município de São Francisco de Assis, RS. Determinoaram-se a massa verde da parte aérea e radicular, massa seca da parte aérea, altura de planta, comprimento e área superficial específica radicular, colonização micorrízica e teores de nitrogênio, fósforo e potássio. Os fungos F1 – RS e Pt Silv.1 beneficiaram as mudas de pinus nos parâmetros radiculares como massa verde radicular, comprimento e área superficial específica da raiz. A associação micorrízica não favoreceu a absorção de nutrientes (N, P e K e no desenvolvimento da parte área da muda de pinus.

  15. Produção de mudas de Pinus elliottii Engelm. micorrizadas em solo arenoso.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rodrigo Ferreira da Silva

    2010-08-01

    Full Text Available A eficiência de diferentes isolados de fungos ectomicorrízicos foi avaliada para produção de mudas de pinus em solo arenoso. Os tratamentos foram: testemunha; fungo Rh 117; fungo Pt Siv.1; fungo FSE - RS (nativo e fungo F1 - RS (nativo. O trabalho foi desenvolvido em casa de vegetação cujas mudas foram produzidas em solo sob processo de "arenização", coletado no município de São Francisco de Assis, RS. Determinoaram-se a massa verde da parte aérea e radicular, massa seca da parte aérea, altura de planta, comprimento e área superficial específica radicular, colonização micorrízica e teores de nitrogênio, fósforo e potássio. Os fungos F1 - RS e Pt Silv.1 beneficiaram as mudas de pinus nos parâmetros radiculares como massa verde radicular, comprimento e área superficial específica da raiz. A associação micorrízica não favoreceu a absorção de nutrientes (N, P e K e no desenvolvimento da parte área da muda de pinus.

  16. Sensibilidade de fungos entomopatogênicos a agroquímicos usados no manejo da cana-de-açúcar

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aline Aparecida Alves Botelho

    2011-01-01

    Full Text Available Os agroquímicos empregados no manejo da cana-de-açúcar podem afetar a ação de fungos entomopatogênicos usados no controle biológico de pragas da cultura. Este trabalho teve por objetivo investigar se os inseticidas, herbicidas e maturadores utilizados no manejo da cana-de-açúcar têm efeito tóxico sobre os fungos Beauveria bassiana e Metarhizium anisopliae. Foram utilizados os inseticidas thiametoxan, aldicarbe e fipronil, os herbicidas imazapir, diuron, metribuzin, hexazinone+diuron, clomazone+ametrina, 2,4 diclorofenoxiacético e glifosato, e os maturadores etil-trinexapac, sulfometurom-metílico e glifosato também. Os fungos foram cultivados em meio de cultura batata-dextrose-ágar contendo os agroquímicos. Avaliou-se o crescimento micelial, a produção e viabilidade dos conídios, e fez-se a avaliação da toxicidade dos agroquímicos. O inseticida à base de thiametoxan foi considerado compatível, pois não afetou o crescimento micelial, a produção e a viabilidade dos conídios dos dois fungos. O inseticida formulado com fipronil se mostrou parcialmente tóxico para os fungos, sendo considerado moderadamente compatível, enquanto o aldicarbe foi considerado tóxico. Os herbicidas avaliados afetaram o crescimento micelial, a produção e a viabilidade dos conídios dos entomopatógenos e foram classificados como tóxicos, mas aqueles formulados com imazapir, glifosato e metribuzim foram considerados compatíveis. Entre os agroquímicos usados como maturadores apenas o glifosato foi classificado como compatível. Os agroquímicos usados no manejo da cana-de-açúcar, e que foram testados neste estudo, têm majoritariamente efeito tóxico sobre B. bassiana e M. anisopliae podendo comprometer sua ação como bioagentes de controle de pragas da cultura.

  17. Fungos liquenizados da Mata Atlântica, no sul do Brasil Lichenized fungi in the Atlantic Rainforest biome, in Southern Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Suzana Maria de Azevedo Martins

    2011-06-01

    Full Text Available São apresentados resultados de levantamento baseado em dados de coletas de fungos liquenizados em algumas localidades de Mata Atlântica na região sul do Brasil. Foram identificados 88 táxons distribuídos em 18 famílias e 36 gêneros; destes, dois são citações novas para o Brasil e um é nova ocorrência para o Rio Grande do Sul.The results of a survey based on data of lichenized fungi collections from some localities in the Atlantic Rainforest of South Brazil are presented. A total of 88 taxa distributed in 18 families and 36 genera were identified; from these, two are new records for Brazil and one is a new occurrence for the State of Rio Grande do Sul.

  18. Fungitoxicidade dos extratos vegetais e do óleo essencial de Lippia gracilis Schauer sobre o fungo Monosporascus cannonballus Pollack e Uecker

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciana Cristina Borges Fernandes

    2015-06-01

    Full Text Available Alecrim da Chapada (Lippia gracilis Schauer é considerada uma planta rica em óleo essencial e possui atividade antimicrobiana comprovada, devido aos monoterpenos fenólicos carvacrol e timol. O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito in vitro do óleo essencial e dos extratos etanólicos de raízes e folhas de L. gracilis no controle do fungo Monosporasccus cannonballus, causador do colapso do meloeiro. O extratos foram testados nas concentrações de 2500, 5000 e 7500 ppm e o óleo essencial de L. gracilis foi avaliado nas concentrações 255, 340 e 425 ppm tendo também um controle positivo com o fungicida comercial Captan(r e um negativo apenas com meio BDA (batata, dextrose, ágar. Discos de micélio com 3 mm de diâmetro foram inoculados no centro de placas de Petri e as medições do crescimento micelial do fungo foram realizadas 48 horas após a montagem do experimento. Verificou-se que o óleo essencial de L. gracilis nas três concentrações testadas foi eficiente para o controle do fungo, com percentuais de inibição de 100%, em comparação ao tratamento com o controle negativo (0% que não apresentou inibição. O extrato radicular, nas concentrações de 5000 e 7500 ppm e o extrato foliar na concentração de 7500 ppm também proporcionaram um percentual de inibição de 100%.

  19. Efeito de fungos micorrízicos arbusculares na bioprodução de fenóis totais e no crescimento de Passiflora alata Curtis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A.F. Riter Netto

    2014-03-01

    Full Text Available Os compostos fenólicos encontrados no extrato das folhas de maracujazeiro doce (Passiflora alata Curtis são os principais responsáveis pelos efeitos terapêuticos, incluindo a atividade ansiolítica. O presente trabalho avaliou o efeito de diferentes espécies de fungo micorrízicos arbusculares (FMAs e doses de fósforo sobre a bioprodução de fenóis totais, bem como, o crescimento vegetal e os conteúdos de nitrogênio, fósforo e potássio na massa da matéria seca da parte aérea do maracujazeiro doce. O experimento, fatorial 4x2, foi conduzido em um telado com quatro tratamentos microbiológicos: Glomus etunicatum, Glomus intraradices, inóculo misto (Glomus clarum e Gigaspora margarita e o controle sem fungo, e duas doses de fósforo: 0 e 50 mg kg-1 de solo. O delineamento experimental foi de blocos casualizados com quatro repetições. As plantas foram colhidas 90 dias após a semeadura. Na ausência da adubação fosfatada, o conteúdo de fenóis totais, a massa da matéria seca da parte aérea e o número de folhas foram maiores nos tratamentos inoculados com FMAs, quando comparados ao tratamento sem fungo. Plantas com inóculo misto apresentaram maior altura com ou sem adubação fosfatada. Os tratamentos inoculados com FMAs, tanto na dose 0 quanto na dose 50 mg kg-1 de P incrementaram os conteúdos de N, P e K na parte aérea do maracujazeiro doce, evidenciando a capacidade dos FMAs em promover o melhor estado nutricional das plantas.

  20. Controle químico de fungos associados a sementes de sorgo e proteção contra fungos do solo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pinto Nicésio Filadelfo Janssen de Almeida

    2002-01-01

    Full Text Available Este trabalho teve como objetivo avaliar a eficiência de alguns fungicidas no controle de fungos associados a sementes de sorgo cultivar CMS 182R e na proteção delas contra fungos do solo. A microbiota das sementes de sorgo, composta por Fusarium moniliforme, Penicillium spp., Alternaria tenuis, Cladosporium spp. e Phoma sorghina, foi patogênica a essas sementes, e os fungos Pythium aphanidermatum e Sclerotium rolfsii, infectantes do solo de monocultivo de sorgo, também se mostraram patogênicos. Os fungicidas captan, thiram, captan + thiabendazole, thiram + thiabendazole, iprodione + thiram e tolylfluanid foram os mais eficientes no controle não só de toda a microbiota das sementes, como também na proteção das sementes contra Pythium aphanidermatum e Sclerotium rolfsii.

  1. Atributos químicos do solo e ocorrência de fungos micorrízicos sob áreas de pastagem e sistema agroflorestal, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Saggin Junior Orivaldo José

    2009-06-01

    Full Text Available Este trabalho teve como objetivo caracterizar alguns atributos químicos do solo e avaliar a comunidade de fungos micorrízicos arbusculares (FMAs em uma área de pastagem e um sistema agroflorestal (SAF. A área de estudo está localizada na "Fazendinha Agroecológica do Km 47", 22° 45'S, 43° 41'W, no município de Seropédica, Rio de Janeiro, Brasil. Foram coletadas amostras de solo na profundidade de 0-5 cm e quantificados os teores de carbono orgânico total (COT, Ca, Mg, pH, P e K. Os FMAs foram quantificados e posteriormente identificados. Os resultados encontrados foram analisados como delineamento inteiramente casualizado, com aplicação do teste F. Verificaram-se valores estatisticamente maiores de COT, Ca, Mg e K no SAF, assim como o maior número de esporos de fungos micorrízicos. Observou-se uma baixa diversidade de espécies de FMAs, sendo que <em>Glomus macrocarpumem> e <em>Acaulospora scrobiculataem> foram as espécies dominantes nas duas áreas. O manejo do solo pode ter influenciado no menor número de esporos de FMAs encontrados sob pastagem. Por meio da análise de componentes principais foi possível separar as duas áreas avaliadas, sendo o comportamento semelhante ao verificado na análise univariada.

  2. IMPACTO DE DEGRADAÇÃO AMBIENTAL SOBRE UM FRAGMENTO DE FLORESTA URBANA SEMI-DECIDUAL (Parque do Cinquentenário, Maringá - PR) SOBRE AS COMUNIDADES DE FUNGOS MICORRÍZICOS ARBUSCULARES

    OpenAIRE

    Lippert, Márcio Antônio Muniz

    2012-01-01

    Estudos sobre fungos micorrizícos arbusculares (FMA) têm demandado muita atenção devido a sua importância para os ecossistemas. Em decorrência da necessidade de se reabilitar ecossistemas degradados pela atividade humana, há grande interesse em estudos sobre a biologia e os efeitos benéficos dos FMA no crescimento e desenvolvimento de plantas. Neste contexto, o presente trabalho teve como objetivo avaliar a influência da ação antrópica sobre a diversidade e a distribuição das comunidades de F...

  3. Influencia de diferentes especies de fungo micorrizico arbuscular no desenvolvimento do crisântemo Influence of different species of arbuscular mycorrhizal fungi on chrysanthemum growth

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriana Parada Dias da Silveira

    1996-01-01

    Full Text Available Com o objetivo de verificar o desenvolvimento e florescimento do crisântemo (Dendranthema grandiflora na presença de micorriza arbuscular, foi instalado, em casa de vegetação, um experimento, empregando-se os fungos Gigaspora margarita, Glomus leptotichum, Glomus macrocarpum e Scutellospora heterogama. Utilizou-se terra roxa estruturada, da Série Luiz de Queiroz, esterilizada (por autoclavagem e não esterilizada. No florescimento, colheram-se as plantas e determinaram-se a altura, a matéria seca da parte aérea, a matéria fresca da raiz, o teor de P e K na parte aérea, a colonização micorrízica e o número de esporos do fungo micorrízico. O desenvolvimento e o florescimento foram favorecidos pela inoculação de G. leptotichum e G.macrocarpum, quando as plantas foram cultivadas em solo esterilizado, superando o efeito dos fungos micorrízicos nativos. Entretanto, no solo não esterilizado, a inoculação dessas espécies de fungo não promoveu aumento no desenvolvimento da planta.A greenhouse experiment was conducted to verify the effect of arbuscular mycorrhiza on growth and flowering of chrysanthemum. Rooted plants were inoculated with Gigaspora margarita, Glomus leptotichum, Glomus macrocarpum e Scutellospora heterogama or non-inoculated. Plants were grown in a autoclave sterilized, and non-sterilized soil of the type "Terra Roxa Estruturada". At the flowering stage, plants were harvested and measured for plant height, shoot dry matter, root fresh matter, shoot P and K content, mycorrhizal root colonization and number of mycorrhizal fungi spores. Plants colonized with G.leptotichum and G. macrocarpum presented higher growth and flowering than control plants, in sterilized soil, overcoming the effect of native mycorrhizal fungi. However, there was no effect of introduced mycorrhizal fungi on non-sterilized soil.

  4. Screening mitosporic fungi for organochlorides degradation Seleção de fungos mitospóricos para degradação de organoclorados

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vera Maria Valle Vitali

    2006-09-01

    Full Text Available Fifty-five isolates of filamentous fungi were studied regarding their ability to decolorize Remazol brilliant blue R dye. The fungi were isolated from soil in the Baixada Santista region, which is contaminated with industrial residues containing a mixture of organochlorine compounds, mainly hexachlorobenzene. The fungi were grown in liquid malt extract medium with 0.02% of dye and shaken at 200 rpm for 14 days at 28 ± 2ºC. Two types of behavior regarding the dye were observed: adsorption and degradation. Eupenicillium baarnenseSsp1951 and Ssp1952 and Eupenicilliumcrustaceum SSP1953 presented high RBBR decolorization and were then analyzed regarding their ability to degrade 14C-hexachlobenzene (4138.31 mg HCB per kg soil during a 56 days culture at 28 ± 2ºC. Eupenicillium crustaceum SSP1953 was able to reduce n-hexane soluble 14C-compounds (24.6% and to form non-extractable 14C-residues (20.5%. The same behavior was also observed in the two E. baarnense strains (Ssp1951 and Ssp1952 but the percentages were lower than those obtained for Eupenicilliumcrustaceum. The main action of Eupenicillium spp on HCB is to transform it into non-extractable 14C-residues as confirmed by the gas chromatography results.Cinqüenta e cinco isolados de fungos filamentosos foram avaliados quanto a capacidade de descolorir o corante remazol brilliant blue R. Estes fungos foram isolados de solos da Região da Baixada Santista contaminados com resíduos industriais contendo uma mistura de organoclorados, principalmente hexaclorobenzeno. O crescimento dos fungos foi realizado em meio líquido de extrato de malte contendo 0,02% do corante, sob agitação de 200 rpm, durante 14 dias a 28ºC ± 2. Foi possível verificar, entre os fungos avaliados, dois comportamentos em relação ao corante: adsorção e degradação. Eupenicillium baarnense SSp1951 e sSp1952 e Eupenicilliumcrustaceum SSP1953 apresentaram altas porcentagens de descoloração do RBBR. Estes fungos foram

  5. Fungos micorrízicos no crescimento e nutrição de rebentos oriundos de coroa de abacaxi

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo Cesar Dos Santos

    2011-10-01

    Full Text Available A produção nacional de mudas de abacaxi tem sido caracterizada pela baixa oferta de material nos padrões recomendados. O uso da técnica de eliminação da dominância, apical aliado à utilização de fungos micorrízicos arbusculares (FMAs, pode proporcionar aumento na produtividade do viveiro e menor tempo de produção das mudas. Nesse sentido, o objetivo deste estudo foi avaliar a ação de FMAs no crescimento de rebentos de abacaxi originários através da técnica de eliminação do meristema apical, de coroas também inoculadas com estes FMAs. Utilizou-se o delineamento em blocos casualizados, num fatorial 2x3, com duas cultivares de abacaxi ('Smooth Cayenne' e 'Pérola' e três tratamentos microbiológicos (sem inoculação, inoculação com Glomus etunicatum e inoculação com uma mistura dos fungos Glomus clarum e Gigaspora margarita, com quatro repetições. Conclui-se que a inoculação com FMAs no crescimento das mudas não proporciona redução na fase de enviveiramento. A inoculação de FMAs na cultivar Pérola mostrou-se não benéfica, e o tratamento microbiológico com a mistura apresentou-se como parasita, reduzindo o teor nutricional de P e K, não sendo indicado para esta cultivar. Para o 'Smooth Cayenne', a inoculação com FMAs proporcionou incremento de P nas mudas.

  6. Efeitos da simulação da solarização do solo com materiais vegetais sobre o crescimento micelial de fungos fitopatogênicos habitantes do solo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marco Antonio Basseto

    2011-09-01

    Full Text Available A incorporação de materiais vegetais específicos associados à solarização do solo tem sido um avanço promissor no controle de fungos fitopatogênicos habitantes do solo. O objetivo do trabalho foi avaliar determinados efeitos da incorporação e decomposição de brócolis, mamona, mandioca brava e mansa, no solo, em condições de microcosmo mantido em BOD (37±2ºC, sobre o micélio de Fusarium oxysporum f. sp. lycopersici Raça 2, Macrophomina phaseolina, Rhizoctonia solani AG-4 HGI e de Sclerotium rolfsii. Assim, quatro ensaios idênticos foram instalados em conjunto de microcosmos, com cinco tratamentos e quatro períodos de tempo diferentes e independentes (7, 14, 21 e 28 dias. O parâmetro avaliado foi os efeitos inócuo, fungistático e fungicida dos tratamentos sobre o micélio dos fungos. Verificou-se efeito fungistático e fungicida no crescimento micelial de F. oxysporum f. sp. lycopersici Raça 2, R. solani AG-4 HGI e de S. rolfsii. Os fungos que apresentaram efeito fungistático apresentaram uma velocidade média de crescimento micelial inferior ao controle geral, que consistiu na incubação dos fungos em temperatura de 25±2ºC. O efeito fungicida ocorreu aos 21 dias de incubação para F. oxysporum e R. solani e aos 28 dias para S. rolfsii. Para M. phaseolina, observou-se apenas efeito inócuo. Associação da temperatura de 37±2ºC mais o período de tempo dos tratamentos foi o fator responsável pelos efeitos fungistático e fungicida no micélio dos fitopatógenos estudados. Essa associação também interferiu na velocidade do crescimento micelial dos fungos que apresentaram efeito fungistático.

  7. MONITORAMENTO DE FUNGOS TOXIGÊNICOS E AFLATOXINAS EM RAÇÕES UTILIZADAS EM PISCICULTURA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francisco das Chagas Cardoso Filho

    2013-09-01

    Full Text Available The aim of this study was to determine the occurrence of fungi and aflatoxins in fish feeds. We analyzed 36 samples of feed for fish, with two protein compositions (juvenile/fattening and two forms of use (sealed/open. Aspergillus and Penicillium species were counted, isolated and identified, the toxic capacity of Flavi strains was measured and aflatoxins in the feed were researched. The mean fungal counts ranged from 2.96 to 4.00 log10 CFU/g and there was no significant difference between treatments. The most isolated species were Aspergillus flavus, Eurotion spp. and Penicillium implicatum. We concluded that the feeds studied had high fungal counts; the isolated Aspergillus flavus strains were not producers of aflatoxin; and aflatoxin was not detected in the feed samples analyzed.

  8. Colonização micorrízica em plantios de eucalipto

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniela Tiago da Silva Campos

    2011-10-01

    Full Text Available A associação micorrízica é advinda da associação simbiótica entre alguns fungos do solos e da maioria das raízes das plantas. O eucalipto possui a capacidade de se associar com dois tipos de micorrizas, a micorriza arbuscular e a ectomicorriza, o que depende muito da sua idade. Este trabalho objetivou avaliar a taxa de colonização por fungos micorrízicos arbusculares (MA e ectomicorrízicos (ECM e o número de esporos de fungos micorrízicos arbusculares em plantios comerciais de Eucalyptus grandis e Eucalyptus urophylla, com diferentes idades e manejos, no período de dezembro de 2002 a fevereiro de 2004, na região leste de Minas Gerais, Brasil. Em todas as coletas e em todas as idades dos plantios, foram encontradas MA, e ECM e a média geral da colonização por fungos micorrízicos arbusculares (FMA foi de 26%. O número médio de esporos desses fungos de 374,7 por 100 g de solo e a colonização por fungos ectomicorrízicos (FECM de 20,2%. As maiores porcentagens de colonização por FECM foram observadas em áreas de plantios mais jovens, mas a sua maior diversidade foi observada nas áreas de plantios mais velhos. Conclui-se que a época de coleta, a idade do plantio e o manejo do solo afetam a colonização micorrízica e também a diversidade de fungos ECM e que a sucessão de eucalipto com FMA-FECM não é regra e é muito influenciada pelo tipo de manejo.

  9. Associação de fungos micorrízicos arbusculares e cultivares micropropagadas de antúrio Mycorrhizal fungi and micropropagated cultivars of Anthurium associations

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Giulio Cesare Stancato

    2006-01-01

    Full Text Available Para a formação de mudas, plântulas micropropagadas de antúrio (Anthurium andraeanum são submetidas a uma das etapas mais críticas na cultura de tecidos de plantas que é a da aclimatização. Uma forma de se estimular a autotrofia pode ser o estabelecimento da associação de fungos micorrízicos e as raízes das plântulas de antúrio. Assim, com o objetivo de avaliar o efeito da associação micorrízica em plântulas de antúrio, foi realizado um experimento, em casa de vegetação, empregando-se as cultivares IAC Astral, IAC Eidibel, IAC Juréia, IAC Luau, IAC Netuno e IAC Ômega e os fungos micorrízicos arbusculares Glomus intraradices, Glomus etunicatum e Acaulospora sp., em substrato orgânico, na fase de aclimatização das plântulas micropropagadas. Os resultados permitiram concluir que houve resposta das cultivares de antúrio à micorrização, em termos de produção de matéria seca, e que a eficiência simbiótica variou com a cultivar e o fungo micorrízico associado.One of the most important steps on micropropagated Anthurium plantlets is the acclimatization. Mycorrhization could be a process that helps the plantlets to change to the autotrophic state. The objective was to evaluate the effect of the mycorrhizal association on the growth of Anthurium cultivars. A experiment was conducted under greenhouse conditions, using the cultivars IAC Astral, IAC Eidibel, IAC Juréia, IAC Luau, IAC Netuno and IAC Ômega and the arbuscular mycorrhizal fungi Glomus intraradices, Glomus etunicatum and Acaulospora sp., in organic substrate, at the plantlets acclimatization stage. The results showed that there was increase in shoot dry matter in mycorrhizal plantlets and that the symbiotic efficiency varied according to the cultivar and arbuscular mycorrhizal fungus.

  10. Biodegradation of reactive textile dyes by basidiomycetous fungi from brazilian ecosystems Biodegradação de corantes têxteis reativos fungos basidiomicetos do ecossistema brasileiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kátia M.G. Machado

    2006-12-01

    Full Text Available The potential of Trametes villosa and Pycnoporus sanguineus to decolorize reactive textile dyes used for cotton manufacturing in the State of Minas Gerais, Brazil, was evaluated. Growth and decolorization halos were determined on malt extract agar containing 0.002g L-1 of the dye. T. villosa decolorized all 28 of the tested dyes while P. sanguineus decolorized only 9. The effect of culture conditions (shaking and dye and nitrogen concentration on the degradation of Drimaren Brilliant Blue dye was evaluated during growth of the fungi in liquid synthetic medium. Shaking favored degradation and decolorization was not repressed by nitrogen. In pure culture, T. villosa and P. sanguineus decolorized synthetic effluent consisting of a mixture of 10 dyes. Higher decolorization of the synthetic effluent was observed when a mixed culture of the two fungi was used. This study demonstrated differences between tropical basidiomycete species in terms of their ability to degrade reactive dyes, and reinforces the potential of this group of fungi for the decolorization of textile effluents.O potencial de Trametes villosa e Pycnoporus sanguineus de descolorir corantes têxteis reativos utilizados na manufatura de algodão no estado de Minas Gerais foi avaliado. Halos de crescimento e descoloração foram determinados em agar extrato malte (MEA com 0,002g L-1 do corante. T. villosa descoloriu os 28 corantes testados e P. sanguineus apenas 9. A influência de condições de cultivo (agitação, concentração de corante e concentração de nitrogênio na degradação do corante azul brilhante Drimaren foi avaliada durante crescimento dos fungos em meio líquido sintético. Agitação favoreceu a degradação e não foi observada repressão da descoloração pelo nitrogênio. Em cultura pura, T. villosa e P. sanguineus descoloriram efluente sintético constituído por uma mistura de dez corantes. Maior descoloração do efluente sintético foi observada no cultivo

  11. Atividade biológica in vitro de própolis e óleos essenciais sobre o fungo Colletotrichum musae isolado de bananeira (Musa spp.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M.S. BARBOSA

    2015-06-01

    Full Text Available RESUMO:No Brasil existem várias doenças fúngicas que acometem a bananeira. Destas, pode-se citar a antracnose, responsável por grandes prejuízos à cultura, cujo agente causal é o fungo Colletotrichum musae. A principal forma de controle dessa enfermidade é através da aplicação de fungicidas a base de tiabendazol ou tiofanato metílico. Esse manejo, embora eficiente, favorece o desenvolvimento de resistência do patógeno, causa danos ao ambiente e ao produtor, deixando ainda resíduos nos frutos. Esses fatores têm favorecido a busca por substâncias alternativas com capacidade de controlar o fungo e que não sejam nocivas ao ambiente e, principalmente, que sejam seguras ao consumidor final. Dentre as opções, surge o interesse pelo uso de certos óleos essenciais e da própolis, ambos conhecidos por possuírem propriedades fungicidas. O presente trabalho foi desenvolvido com o objetivo de determinar o potencial fungitóxico "in vitro" da própolis e dos óleos essenciais de palmarosa (Cymbopogon martinii, de teatree(Melaleuca alternifolia, de cravo (Eugenia caryophyllata, e de eucalipto (Corymbia citriodora, sobre Colletotrichum musae. O desenvolvimento experimental consistiu em adicionar inóculos fúngicos de 5 mm, obtidos a partir de colônias puras, ao meio de cultura BDA (batata-dextrose-ágar acrescido das referidas substâncias em diferentes concentrações (0, 25, 50, 75, 100 e 125 µL/L. Paralelo aos tratamentos realizou-se teste com o fungicida padrão para comparações das médias. A eficiência das substâncias sobre o fungo foi determinada através das avaliações do crescimento micelial das colônias (média de duas medidas diametralmente opostas. Os valores de crescimento micelial obtidos foram utilizados também para o cálculo do índice de velocidade de crescimento micelial. O delineamento experimental utilizado foi inteiramente casualizado em esquema fatorial 5 x 6 + 1, (cinco substâncias em seis concentra

  12. Fungal species that cause powdery mildew in greenhouse-grown cucumber and melon in Paraná State, Brazil=Espécies de fungos que causam oídio em casas de vegetação cultivadas com pepino e melão no Estado do Paraná, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Dauri José Tessmann

    2012-07-01

    Full Text Available The powdery mildew caused by Oidium spp. is an important disease for several crops of the Cucurbitaceae family. Although the teleomorphs, Podosphaera xanthii and Golovinomyces cichoracearum, currently have already been described as the causal agents of powdery mildew in Brazil, only P. xanthii is considered the main causal agent of powdery mildew field epidemics. The objective of this work was to identify and determine the prevalence of the species causing powdery mildew in cucumber (Cucumis sativus and melon (Cucumis melo var. reticulatus grown in greenhouses in the State of Paraná in Brazil. The morphological traits of the conidial stages, such as the presence of fibrosin bodies and a germinative tube, were used to identify the species. Leaves exhibiting high severity of powdery mildew were collected from plants of 13 plastic greenhouses during different seasons in 2003/2004 and in different regions of Paraná State. In all environments, a significant prevalence of P. xanthii (80-100% was observed affecting parthenocarpic or ordinary cucumber and melon. Golovinomyces cichoracearum was observed in six greenhouses, with up to 20% of conidia of this species on the samples.O oidio, causado por Oidium sp. é uma importante doença para espécies de plantas cultivadas da família das cucurbitáceas. Apesar das espécies teleomórficas Podosphaera xanthii e Golovinomyces cichoracearum já terem sido citadas como causadoras de oídio no Brasil, geralmente em trabalhos publicados atualmente tem-se referenciado somente a P. xanthii como agente causal dessa doença em cucurbitáceas em cultivo convencional. Por isso, este trabalho teve como objetivo identificar e quantificar a freqüência de ocorrência dessas duas espécies causadoras de oídio nas culturas de pepino (Cucumis sativus e melão nobre (Cucumis melo var. reticulatus conduzidas em estufas plásticas no Estado do Paraná. Para a identificação de P. xanthii e G. cichoracearum utilizaram

  13. Tratamento do feno de braquiária pelo fungo Pleurotus ostreatus Pretreatment effects on fiber degradation of brachiaria hay by Pleurotus ostreatus fungus

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patrick Schmidt

    2003-12-01

    Full Text Available A inoculação de forragens com fungos lignocelulolíticos é uma opção para melhorar a qualidade destas sem adição de produtos químicos. O tratamento do substrato influencia a ação do fungo e a qualidade final do produto. Neste experimento, aplicaram-se quatro tratamentos (compostagem do feno inteiro, compostagem do feno picado, hidratação do feno em água fria e hidratação do feno em água quente a um feno de Brachiaria decumbens. Aos tratamentos seguiu-se inoculação com o fungo Pleurotus ostreatus e incubação por 35 dias, sob temperatura controlada. Usou-se o delineamento inteiramente casualizado, com quatro repetições e medidas repetidas. Amostras foram colhidas semanalmente para acompanhar a degradação do substrato, mediante a análise química do feno. Observou-se aumento linear, com o decorrer do tempo, no teor de proteína bruta (PB e na proporção de lignina na parede celular (LIG-FDN, e decréscimo linear nos valores de fibra em detergente neutro (FDN, celulose e hemicelulose. Não se observou efeito de tratamento no teor de FDA. Os tratamentos com compostagem apresentaram maiores valores de PB, lignina e LIG-FDN e menores de FDN e hemicelulose. Não se observou diferença entre os tratamentos com hidratação. O tratamento do feno de braquiária com o fungo propiciou degradação da fração fibrosa e aumento no teor de PB, com efeito mais intenso nos tratamentos que usaram compostagem. A ação do fungo foi mais efetiva sobre a hemicelulose que sobre os demais componentes da fibra.The innoculation of forages with lignocellulolytic fungi is an option for improving quality without adding chemical products. Substrate quality influences fungal activity and endproduct quality. The effects of four treatments (composting of whole hay, composting of chopped hay, soaking in cool water and soaking in hot water on a Brachiaria decumbens hay were evaluated. The treatments were followed by innoculation with Pleurotus ostreatus

  14. Diversidade de fungos micorrízicos Epulorhiza spp. isolados de Epidendrum secundum (Orchidaceae Diversity of mycorrhizal fungi Epulorhiza spp. isolated from Epidendrum secundum (Orchidaceae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marlon Corrêa Pereira

    2009-10-01

    Full Text Available Fungos micorrízicos rizoctonioides Epulorhiza spp. têm sido isolados de orquídeas do gênero Epidendrum e vêm sendo utilizados na germinação simbiótica das sementes de orquídeas. Epidendrum secundum é uma orquídea largamente distribuída em campos de altitude do Parque Estadual da Serra do Brigadeiro (PESB, Minas Gerais, e pouco se sabe sobre a associação micorrízica dessa espécie nesse parque. O objetivo deste trabalho foi avaliar a diversidade morfológica dos fungos micorrízicos rizoctonioides isolados de quatro populações de E. secundum em três regiões de um campo de altitude localizado na subserra Totem Deitado, PESB. Vinte e seis isolados fúngicos foram obtidos, todos pertencentes ao gênero Epulorhiza. As características morfológicas qualitativas e quantitativas avaliadas revelaram, de modo geral, baixa variabilidade entre os isolados obtidos de uma mesma população e de populações localizadas na mesma região, porém grande variabilidade foi observada entre os isolados obtidos das populações de diferentes regiões. Com base nessas características morfológicas, os isolados foram divididos em quatro grupos: o primeiro constituído pelos fungos obtidos das populações I e II da região A, o segundo pelos fungos da população III da região B, o terceiro pelo isolado M61 da população II da região A, e o quarto pelo único isolado obtido na população IV da região C. A variabilidade morfológica observada é um indicativo da diversidade dos fungos Epulorhiza spp. associados a E. secundum no PESB.Rhizoctonia-like mycorrhizal fungi Epulorhiza spp. have been isolated from orchids of the genus Epidendrum and have been used to promote the symbiotic germination of orchid seeds. Epidendrum secundum is a widely distributed orchid in campo de altitude (high elevation grassy vegetation regions of the State Park of Serra do Brigadeiro (PESB, Minas Gerais, Brazil, and little is known about the mycorrhizal relationships

  15. Atributos químicos do solo e ocorrência de fungos micorrízicos sob áreas de pastagem e sistema agroflorestal, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Arcângelo Loss

    2009-04-01

    Full Text Available Este trabalho teve como objetivo caracterizar alguns atributos químicos do solo e avaliar a comunidade de fungos micorrízicos arbusculares (FMAs em uma área de pastagem e um sistema agroflorestal (SAF. A área de estudo está localizada na "Fazendinha Agroecológica do Km 47", 22° 45'S, 43° 41'W, no município de Seropédica, Rio de Janeiro, Brasil. Foram coletadas amostras de solo na profundidade de 0-5 cm e quantificados os teores de carbono orgânico total (COT, Ca, Mg, pH, P e K. Os FMAs foram quantificados e posteriormente identificados. Os resultados encontrados foram analisados como delineamento inteiramente casualizado, com aplicação do teste F. Verificaram-se valores estatisticamente maiores de COT, Ca, Mg e K no SAF, assim como o maior número de esporos de fungos micorrízicos. Observou-se uma baixa diversidade de espécies de FMAs, sendo que Glomus macrocarpum e Acaulospora scrobiculata foram as espécies dominantes nas duas áreas. O manejo do solo pode ter influenciado no menor número de esporos de FMAs encontrados sob pastagem. Por meio da análise de componentes principais foi possível separar as duas áreas avaliadas, sendo o comportamento semelhante ao verificado na análise univariada.

  16. BIODEGRADATION OF DYES AND TEXTILE EFFUELTS BY FUNGI = BIODEGRADAÇÃO DE CORANTES E EFLUENTES TÊXTEIS POR FUNGOS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aline Ramalho Brandão Pereira

    2010-01-01

    in place grow and degrade the existent compositions. = Os resíduos da indústria têxtil se caracterizam por sua baixa degradabilidade, alto potencial mutagênico e carcinogênico, podendo atingir o meio ambiente e a saúde pública. O emprego de fungos, principalmente, basidiomicetos degradadores de lignina, tem sido cada vez mais utilizado devido à produção de enzimas ligninolíticas de baixa especificidade, que podem ser aplicadas na degradação de compostos fenólicos. A triagem de fungos provenientes de ambientes contaminados também é de grande importância para a seleção de microrganismos com potencial degradativo, pois, se os mesmos conseguem proliferar neste ambiente, certamente possuem um sistema enzimático que lhes permita metabolizar as espécies químicas presentes no local. O objetivo deste trabalho foi isolar fungos da estação de tratamento de efluentes de indústrias têxteis e avaliar a degradação de corantes e efluentes por estes fungos e por fungos com capacidade degradativa conhecida. Os fungos padrões utilizados foram Lentinula edodes e Paraconiothyrium estuarinum. Os corantes em estudo foram Remazol Brilliant Blue R (RBBR, Reactive Yellow 145, Reactive Red 195 e efluente têxtil. A mesma espécie fúngica (Geothricum candidum foi isolada do tanque de aeração de ambas as indústrias têxteis investigadas. Foram feitos testes em meio sólido e líquido, sob diferentes condições de incubação e pH. Foi observada melhor capacidade degradativa nas amostras sob agitação. O fungo isolado da estação de tratamento não degradou o corante RBBR, porém, demonstrou capacidade de degradação do efluente em pH 9, a 35°C e na presença de tampão acetato de sódio. Lentinula edodes degradou todos os corantes e efluentes, e os melhores resultados foram obtidos em pH 5 na presença de tampão. O fungo Paraconiothyrium estuarinum não degradou o corante RBBR, porém, apresentou capacidade degradativa considerável dos corantes Reactive

  17. Phosphate-solubilizing fungi isolated from a semiarid area cultivated with melon (Cucumis melo L. cv. gold mine Fungos solubilizadores de fosfato isolados de área semiárida cultivada com melão (Cucumis melo L. cv. gold mine

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Flavia Paiva Coutinho

    2011-12-01

    Full Text Available Considering that little is known about the occurrence of phosphate-solubilizing fungi from areas cultivated with melon, the phosphate solubilization ability of filamentous fungi isolated in these areas was evaluated. Three hundred and eighteen filamentous fungal isolates belonging to 23 genera were evaluated, besides Aphyllophorales and Mycelia sterilia. From those, 52 were able to solubilize P: Aphyllophorales (2, Aspergillus (34, Penicillium (10 and Rhizopus (6. These results will contribute to subsidizing further research regarding the capacity of these fungi to solubilize other sources of phosphate applied to the melon crop, as well as indicate the need for a screening program to select those with higher capacity and potential for solubilization.Considerando que pouco se conhece sobre a ocorrência de fungos solubilizadores de fosfato de áreas cultivadas com melão, foi avaliada a habilidade de solubilização desse nutriente por fungos filamentosos isolados dessas áreas. Foram avaliadas 318 amostras de fungos filamentosos pertencentes a 23 gêneros, além de Aphyllophorales e Mycelia sterilia. Dessas amostras, 52 apresentaram habilidade para solubilizar o fosfato: Aphyllophorales (2, Aspergillus (34, Penicillium (10 e Rhizopus (6. Esses resultados contribuem para subsidiar pesquisas que testem a capacidade desses fungos em solubilizar outras fontes fosfatadas aplicadas na cultura do melão, assim como indicam a necessidade de selecionar isolados com maior capacidade e potencial para solubilização.

  18. Desempenho de mudas de gravioleira inoculadas com fungos micorrízicos arbusculares em solo não-esterilizado, com diferentes doses de fósforo = Performance of soursop seedlings inoculated with arbuscular mycorrhizal fungi in non-sterilized soil, with different phosphorus doses

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Solange Silva Samarão

    2011-01-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar o desenvolvimento de mudas de gravioleira (Anonna muricata L. inoculadas com FMAs e cultivadas com diferentes doses de fósforo (P, em solo não-esterilizado. O experimento foi conduzido em casa-de-vegetação, com delineamentoexperimental inteiramente casualizado, em esquema fatorial 4 x 4 (inoculação x doses de P sendo: plantas não-inoculadas (controle, inoculadas com Glomus clarum, inoculadas com Gigaspora margarita e inoculadas com inóculo nativo (Glomus macrocarpum, G. etunicatum eEntrosphopora colombiana e quatro doses de P (0, 25, 50, 100 mg kg-1 com três repetições. As mudas foram cultivadas em sacos de plástico de 2 dm3 em mistura de solo e areia (2:1 v v-1 nãoesterilizada. Aos 90 dias após o plantio, observou-se que a inoculação com os FMAs promoveu maior altura e diâmetro de caule das mudas, maior produção de matéria seca e conteúdo de P nas raízes e parte aérea e maior conteúdo de K nas raízes das mudas, comparativamente ao controle não-inoculado. As plantas não-inoculadas, não responderam à adubação fosfatada, concluindo-seque a inoculação com os FMAs, aliada à adubação fosfatada, ncrementam o crescimento e o estado nutricional de mudas de gravioleira mesmo quando cultivadas em substrato não-estéril.The objective of this work was to evaluate the development of soursop (Annona muricata L. seedlings inoculated with arbuscular mycorrhizal fungi (AMFs cultivated with different doses of phosphorus (P. The experiment was carried out in a greenhouse with a completely randomized factorial design (4 x 4, with non inoculated plants (controls, three species of arbuscular mycorrhizal fungi, Glomus clarum, Gigaspora margarita and native AMFs (Glomus macrocarpum, G.etunicatum and Entrosphopora colombiana and four doses of P (0, 25, 50, 100 mg kg-1 with three replications. The seedlings were cultivated in plastic bags of 2 dm3 in a mix composed of nonsterilized soil and sand

  19. Lysozyme plays a dual role against the dimorphic fungus Paracoccidioides brasiliensis A lisozima desempenha um papel duplo contra o fungo dimórfico Paracoccidioides brasiliensis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Damaris Lopera

    2008-06-01

    Full Text Available In order to determine the role of lysozyme, an antimicrobial peptide belonging to the innate immune system, against the dimorphic fungus Paracoccidioides brasiliensis, co-cultures of the MH-S murine alveolar macrophages cell line with P. brasiliensis conidia were done; assays to evaluate the effect of physiological and inflammatory concentrations of lysozyme directly on the fungus life cycle were also undertaken. We observed that TNF-α-activated macrophages significantly inhibited the conidia to yeast transition (p = 0.0043 and exerted an important fungicidal effect (p = 0.0044, killing 27% more fungal propagules in comparison with controls. Nonetheless, after adding a selective inhibitor of lysozyme, the fungicidal effect was reverted. When P. brasiliensis propagules were exposed directly to different concentrations of lysozyme, a dual effect was observed. Physiologic concentrations of the enzyme facilitated the conidia-to-yeast transition process (p Com a finalidade de determinar o papel da lisozima, um peptídeo antimicrobiano que pertence ao sistema imune inato, contra o fungo dimórfico Paracoccidioides brasiliensis, foram feitas co-culturas de uma linha de macrófagos alveolares murinos (MH-S com as conídias do fungo na presença ou não do TNF-α e/ou um inibidor da lisozima; também foram feitos ensaios que avaliaram o efeito das concentrações fisiológicas e inflamatórias de lisozima diretamente sobre o ciclo de vida do fungo. Observamos que os macrófagos ativados com a citoquina tiveram um efeito significativo na inibição da transição conídia/levedura (p = 0,0043 e exerceram um efeito fungicida importante (p = 0,0044, matando mais de 27% das propágulas do fungo em comparação com os macrófagos não ativados. No entanto, após ser o inibidor seletivo da lisozima adicionado, o efeito fungicida foi revertido. Quando os propágulos do fungo foram expostos diretamente a diferentes concentrações da lisozima, um duplo efeito

  20. Contaminação do leite humano ordenhado por fungos miceliais Contamination of expressed human milk by mycelial fungi

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Franz Reis Novak

    2002-01-01

    Full Text Available Objetivo: caracterizar os gêneros de fungos miceliais encontrados em amostras de leite humano ordenhado, recebidas a partir de coleta domiciliar, pelo Banco de Leite Humano do Instituto Fernandes Figueira. Métodos: foram estudadas 821 amostras de leite humano ordenhado, obtidas ao acaso, a partir de frascos coletados nos domicílios pelas próprias doadoras. Foram realizadas pesquisas de bolores e leveduras e de microorganismos mesófilos. A partir das amostras de leite humano ordenhado, foram isoladas 48 cepas de fungos miceliais, que foram identificadas por técnicas-padrão de laboratório. Resultados: as análises microbiológicas revelaram a ocorrência de bolores e leveduras em 43 (5,2% das amostras, com contagens atingindo a ordem de 103 UFC/ml, e foram identificados os microorganismos Aspergillus Grupo Niger (6,3%, Aspergillus sp . (4,2%, Paecilomyces sp . (12,6%, Penicillium sp . (60,4%, Rhizopus sp . (2,0% e Syncephalastrum sp . (14,5%. Quatro amostras apresentavam mais de um tipo de fungo micelial. Conclusão: a presença de bolores e leveduras no leite humano ordenhado nos domicílios sugere que as condições higiênicas do local de coleta podem contaminar o leite. Portanto, quando se trata do repasse do produto cru para bebês prematuros hospitalizados, é fundamental observar as condições de coleta, estocagem e transporte para evitar a presença e as conseqüências da multiplicação de contaminante.Objective: To characterize the genera of mycelial fungi detected in expressed human milk received at the human milk bank of Instituto Fernandes Figueira after home collection. Methods: We studied 821 expressed human milk samples randomly obtained from flasks filled by the donors at home. The possible presence of molds, yeasts and mesophilic microorganisms was investigated. A total of 48 strains of mycelial fungi were isolated from the human milk bank samples and identified through standard laboratory techniques. Results

  1. Incidência de fungos e qualidade fisiológica de sementes de pinhão manso (Jatropha curcas L. após o armazenamento criogênico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Míriam Goldfarb

    2010-04-01

    Full Text Available http://dx.doi.org/10.5007/2175-7925.2010v23n1p19 O objetivo deste trabalho foi avaliar a incidência de fungos e qualidade fisiológica de sementes de pinhão manso crioarmazenadas a -170ºC e a -196ºC. A pesquisa foi realizada nos setores de Criogenia/UFCG, Fitossanidade/UFPB e Embrapa Algodão. O material apresentava um teor de água de 8% b.u., sendo 200 sementes armazenadas em botijões criogênicos com nitrogênio nas fases de vapor e líquido, com quatro períodos de armazenamento (0, 30, 60 e 90 dias constituindo-se os tratamentos. Decorrido cada período, as sementes foram submetidas ao teste de sanidade (Blotter test e germinação. Foi realizada a desinfestação superficial, e o material distribuído em placas de Petri sendo incubado a 25 ± 2ºC durante sete dias. A avaliação da incidência de fungos nas sementes foi realizada com microscópio estereoscópio através das observações das estruturas fúngicas, sendo os dados demonstrados em percentagem de sementes infectadas. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado com temperaturas x dias de armazenamento. Aos 30 dias, foi detectada uma maior incidência fúngica, com predominância de Aspergillus sp., Cladosporium sp. e Fusarium sp. Concluiu-se que a crioconservação nas temperaturas criogênicas estudadas não reduziu a incidência de fungos nas sementes de pinhão manso e a qualidade fisiológica foi preservada durante a crioconservação.

  2. Tratamento fungicida de sementes de milho contra fungos do solo e o controle de Fusarium associado às sementes Fungicide treatment of corn seeds against soilborne fungi and the control of Fusarium associated to seeds

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nicésio Filadelfo Janssen de Almeida Pinto

    2000-09-01

    Full Text Available As sementes de milho infectadas por fungos constitue importantes fontes de inóculos, cujos patógenos podem causar podridões de sementes, morte de plântulas em pré e pós-emergência e podridões radiculares. Ademais, em condição de solo frio e úmido há maior exposição das sementes ao ataque de fungos do solo. Assim, estudou-se a eficiência dos fungicidas captan (120,0; 90,0 e 60,0 g i.a. 100 kg-1 de sementes, thiram (140,0 formulado em PM e SC, thiabendazole (20,0, thiram + thiabendazole (75,0 + 10,0 e carboxin + thiram (75,0 + 75,0 no tratamento de sementes de milho da cultivar BR 106. Foram avaliadas as características : sanidade de sementes; emergência de plântulas no campo, em solo esterilizado; bem como as emergências nos testes de frio em solo de campo, em solo esterilizado, em solo infectado separadamente com Fusarium moniliforme var. subglutinans, Pythium aphanidermatum e Rhizoctonia solani. A eficiência dos fungicidas variou de acordo com as características avaliadas, com exceção do thiabendazole, que foi ineficiente para quase todas as características. A presença de F. moniliforme var. subglutinans em sementes de milho não afetou a germinação, porém em solos frios e úmidos os fungos P. aphanidermatum, F. moniliforme var. subglutinans e R. solani promeveram redução na germinação.The efficiency of captan (120, 90 and 60g.a.i. 100kg-1, thiram (140, formulated as WP and SC, thiabendazole (20, thiram SC + thiabendazole (75 + 10, and carboxin + thiram (75 + 75 was studied for the treatment of corn seeds of the cultivar BR 106. The following characteristics were evaluated: seed health, seedling emergence in the field, in sterile soil, in the field cold test, and in soil artificially infected with the following pathogens: Fusarium moniliforme var. subglutinans, Phytium aphanidermatum, and Rhizoctonia solani. The efficiency of the fungicides varied with all evaluated characteristics, except for thiabendazole that

  3. Identificação e quantificação de fungos micorrízicos arbusculares autóctones em municípios produtores de citros no Rio Grande do Sul Identification and quantification of native arbuscular mycorrhizae fungi of citrus in the State of Rio Grande do Sul, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo Vitor Dutra de Souza

    2002-04-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi identificar e quantificar os esporos de FMA presentes em viveiros e pomares de citros no Rio Grande do Sul. Foram coletadas amostras de solo e de raízes de dez viveiros e doze pomares de oito municípios produtores de citros, nas quais avaliaramse conteúdo nutricional, número de esporos por 100 g de solo seco e colonização das radicelas, e determinaramse as espécies autóctones. As espécies, em ordem decrescente de ocorrência, foram: Glomus macrocarpum > Scutellospora heterogama > Acaulospora scrobiculata = Acaulospora birreticulata > Glomus invermaium = Glomus occultum = Entrophospora colombiana > Glomus claroideum = Glomus constrictum > Scutellospora persica.The objective of this work was to identify and quantify AMF spores present in citrus nurseries and orchards in Rio Grande do Sul, Brazil. Soil and root samples were collected at ten nurseries and twelve citrus orchards. Mineral composition of the soil samples was determined as well as the number of spores in 100 g of dry soil, root colonization and native species taxonomic identification. AMF species, in decreasing order of occurrence were: Glomus macro- carpum > Scutellospora heterogama > Acaulospora scrobi- culata = Acaulospora birreticulata > Glomus invermaium = Glomus occultum = Entrophospora colombiana > Glomus claroideum = Glomus constrictum > Scutellospora persica.

  4. Identification and characterization of filamentous fungi isolated from the sunflower (Helianthus annus L. rhizosphere according to their capacity to hydrolyse inulin Identificação e caracterização de fungos filamentosos isolados de rizosfera de girassol (Helianthus annus L. de acordo com a capacidade de hidrolisar inulina

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristina Maria de Souza-Motta

    2003-07-01

    Full Text Available Filamentous fungi able to hydrolyse inulin have been isolated from the rhizosphere of plants whose roots contain this polysaccharide. This study reports results concerning the isolation and identification of filamentous fungi from the soil used for sunflower cultivation and from the sunflower rhizosphere cultivated in field and in greenhouse. Fungi were evaluated according to their capacity to hydrolyse inulin and the variation in the diversity of these fungi during the plant's life cycle was also accessed. Forty-nine species of filamentous fungi were isolated. Penicillium and Aspergillus were the genera that presented higher number of species, nine and seven, respectively. At the end of the sunflower life cycle, cultivated both in field and in the greenhouse, a lower numbers of species were isolated. One hundred and fifty nine strains of filamentous fungi were isolated from soil and from the sunflower rhizosphere; from these, 79 (49.7% were able to hydrolyse inulin. There was not significant difference in the proportion of species able to hydrolyse this polysaccharide during the sunflower's life cycle, in plants cultivated in field or in greenhouse. Although the sunflower's rhizosphere is a source of filamentous fungi able to hydrolyse inulin, that might be used in biotechnological processes. This system does not present a higher density of such microorganisms. Species of Aspergillus, Chaetomium, Cunninghamella, Emericela, Eupenicillium, Fusarium, Myrothecium, Neosartorya, Neocosmospora, Penicillium and Thielavia are being related by first time as inulinase producers.Fungos filamentosos capazes de hidrolisar inulina tem sido isolados de rizosfera de plantas que acumulam esse polissacarídeo nas raízes. Este estudo compreendeu o isolamento e identificação de fungos filamentosos do solo utilizado para o cultivo do girassol e da rizosfera de girassol cultivado em campo e em casa de vegetação, a fim de verificar se há variação na

  5. Patogenicidade de Beauveria bassiana ao psilídeo Diaphorina citri e compatibilidade do fungo com produtos fitossanitários Beauveria bassiana pathogenicity to Diaphorina citri and compatibility of the fungus with phytosanitary products

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Paula Ferreira Pinto

    2012-12-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar a patogenicidade de Beauveria bassiana a ninfas de Diaphorina citri (Hemiptera: Psyllidae e verificar a compatibilidade do fungo com produtos fitossanitários e sua persistência em plantas de citros. Ninfas de D. citri foram pulverizadas com B. bassiana, nas concentrações 5x10(6, 1x10(7, 5x10(7, 1x10(8, 5x10(8 e 1x10(9 conídios mL-1, para determinação da concentração letal. Para avaliação da compatibilidade do fungo com produtos fitossanitários, extrato de nim e cinco inseticidas de quatro grupos químicos diferentes foram incorporados individualmente ao meio de cultura BDA em que o fungo foi cultivado. Avaliaram-se o crescimento vegetativo, a esporulação e a viabilidade do entomopatógeno. Plantas de citros, mantidas em casa de vegetação, foram tratadas primeiramente com os produtos fitossanitários e depois com o entomopatógeno. Avaliaram-se os tempos de exposição de 24 horas e de 7 e 14 dias. O fungo foi patogênico às ninfas de D. citri; a CL50 foi de 0,4x10(7 e a CL90 de 6,7x10(7 conidios mL-1, no décimo dia de avaliação. Em laboratório, os produtos fitosssanitários reduzem o crescimento do fungo. Em casa de vegetação, os produtos não afetam a sobrevivência do fungo nas plantas de citros.The objective of this work was to evaluate the pathogenicity of Beauveria bassiana to Diaphorina citri (Hemiptera: Psyllidae nymphs, and to check the compatibility of the fungus with phytosanitary products, and its persistence in citrus plants. Nymphs of D. citri were sprayed with B. bassiana in the concentrations 5x10(6, 1x10(7, 5x10(7, 1x10(8, 5x10(8 and 1x10(9 conidia mL-1 for lethal concentration determination. In order to evaluate the compatibility of the phytosanitary products with the fungus, neem extract and five insecticides of four different chemical groups were individually added to PDA culture medium, in which the fungus was cultivated. Vegetative growth, sporulation and viability

  6. Avaliação da atividade antiinflamatória, antitumoral e antiangiogênica de compostos isolados da planta Alchornea glandulosa e de fungos endofíticos a ela relacionados

    OpenAIRE

    Lopes, Flávia Cristine Mascia [UNESP

    2008-01-01

    Produtos naturais têm contribuído intensamente para o desenvolvimento da terapêutica moderna. As plantas produzem um vasto número de substâncias, que em estado natural ou após sofrerem transformações químicas, possuem diversas atividades farmacológicas. Fungos endofíticos, organismos que vivem no interior das plantas, também podem representar novas fontes de produtos biologicamente ativos. Atualmente, a relação causal entre inflamação, imunidade inata e câncer é largamente aceita. O envolvime...

  7. Production and characterization of glucoamylase from fungus Aspergillus awamori expressed in yeast Saccharomyces cerevisiae using different carbon sources Produção e caracterização da glucoamilase do fungo Aspergillus awamori expressa em levedura Saccharomyces cerevisiae usando diferentes fontes de carbono

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabiana Carina Pavezzi

    2008-03-01

    Full Text Available Glucoamylase is widely used in the food industry to produce high glucose syrup, and also in fermentation processes for production beer and ethanol. In this work the productivity of the glucoamylase of Aspergillus awamori expressed by the yeast Saccharomyces cerevisiae, produced in submerged fermentation using different starches, was evaluated and characterized physico-chemically. The enzyme presented high specific activity, 13.8 U/mgprotein or 2.9 U/mgbiomass, after 48 h of fermentation using soluble starch as substrate. Glucoamylase presented optimum activity at temperature of 55ºC, and, in the substratum absence, the thermostability was for 1h at 50ºC. The optimum pH of activity was pH 3.5 - 4.0 and the pH stability between 5.0 and 7.0. The half life at 65ºC was at 30.2 min, and the thermal energy of denaturation was 234.3 KJ mol-1. The hydrolysis of different substrate showed the enzyme's preference for the substrate with a larger polymerization degree. The gelatinized corn starch was the substratum most susceptible to the enzymatic action.A glucoamilase é amplamente utilizada na indústria de alimentos no processamento do amido para a produção de xarope com alto teor de glicose e também muito empregada nos processos de fermentação para produção de cerveja e etanol. Neste trabalho a glucoamilase de Aspergillus awamori expressa em Saccharomyces cerevisiae produzida sob fermentação líquida foi avaliada quanto à produtividade em diferentes amidos e caracterizada físico-quimicamente. A enzima apresentou alta atividade específica de 13,8 U/mg proteína e de 2,9 U/mg biomassa ao final de 48 h de fermentação em meio contendo amido solúvel. A glucoamilase apresentou temperatura ótima de atividade a 55ºC, e temperatura de desnaturação térmica na ausência de substrato por 1h a 50ºC. O pH ótimo de atividade foi na faixa de 3,5 - 4,0 e a estabilidade ao pH entre os valores 5,0 e 7,0. A meia vida a 65ºC foi 30,2 min., e a

  8. SUBSTRATO DE CRESCIMENTO DO FUNGO Metarhizium anisopliae INFLUENCIA NA VIRULÊNCIA CONTRA LARVAS DE Aedes aegypti

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aline Teixeira Carolino

    2016-11-01

    Full Text Available O presente estudo investigou a virulência dos isolados 4556 e ESALQ 818 do fungo M. anisopliae crescidos nos substratos arroz parboilizado e nos meios de cultivo BDA (para o isolado 4556 e SDA (para o isolado ESALQ 818. Ensaios de virulência foram realizados com larvas de Aedes aegypti provenientes de ovos coletados no campo. Os ovos foram colocados na água e deram origem as larvas que foram utilizadas nos experimentos. Os conídios de M. anisopliae (ambos isolados crescidos nos diferentes substratos foram formulados em Tween 80 e utilizados na concentração de 1x107 conídios ml-1. O estudo constatou que os dois isolados crescidos no arroz parboilizado foram mais virulentos para larvas de campo de A. aegypti. Apenas 7,5% das larvas tratadas com os conídios do isolado 4556 crescidos no arroz sobreviveram e no meio de cultivo BDA a sobrevivência das larvas foi de 65,%, após 24 horas de infecção. As larvas tratadas com conídios do isolado ESALQ 818 produzidos no arroz apresentaram 52,5% de sobrevivência e as tratadas com conídios produzidos no meio SDA apresentaram sobrevivência de 85%, após 24 horas de infecção.

  9. Isolamento, armazenamento e determinação da colonização por fungos “dark septate” a partir de plantas de arroz. = Isolation, storage and determination of fungal colonization “dark septate” from rice plants.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Karen Gonçalves Ribeiro

    2011-08-01

    Full Text Available Endophyte fungi known as DSEF can be plant-growth-promoting. Aiming to improve a methodology for the isolation, storage and determine the rice roots colonization by “dark septate”, a study was developed based on the achievement of these microorganisms in Oryza glumaepatula plants collected in Amazon region. The plant roots of twelve O. glumaepatula samples were sectioned, disinfected, and placed in plates with agar-malte medium added of chloramphenicol, sulphametazole and trimetropin. The isolates were evaluated in relation of dark septate characteristics and stored in distilled water, and in distilled water added of glycerol. Five isolates considered dark septate were re-inoculated in O. glumaepatula and O. sativa, and also analyzed through amplification and sequencing of ITS1-5.8S-ITS2 region. The agar-malte medium was efficient to isolate dark septate, and more than 50 isolates were obtained. The distilled water and also distilled water added of glycerol were efficient to maintain the fungus culture at least 12 months. The five isolates re-inoculated were able to colonize both O. glumaepatula and O. sativa, without pathogenic symptoms observed. The molecular approach reveled that these fungus are not similar to each other and also to others dark septate already described. These results show that the proposed methodology was efficient to obtain distinct fungus species and O. glumaepatula is a host to high diversity of this fungus group.=Os fungos endofíticos conhecidos como DSEF ou “dark septate” podem ser promotores de crescimento vegetal. Com o objetivo de aperfeiçoar uma metodologia para o isolamento, armazenamento e determinação da colonização de raízes de arroz por fungos “dark septate” desenvolveu-se um estudo a partir da obtenção destes microrganismos em plantas de Oryza glumaepatula coletadas em ambientes amazônicos. As raízes das plantas de doze amostras de O. glumaepatula foram seccionadas, desinfestadas e

  10. Efeito de fungos micorrízicos arbusculares associados a compostos fenólicos, no crescimento de mudas de mamoeiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    MARTINS MARCO ANTONIO

    2000-01-01

    Full Text Available Este trabalho foi conduzido em casa de vegetação com objetivo de avaliar os efeitos de diferentes espécies de fungos micorrízicos arbusculares (FMAs associados a compostos fenólicos (rutina e quercetina, sobre o crescimento e os conteúdos de P de mudas de mamoeiro, sob duas doses de P (0 e 50 mg kg-1. As espécies de fungos utilizadas foram Glomus clarum (Gc, G. macrocarpum (Gm e uma população nativa de FMAs (Pn isolada de uma área de plantio de mamão na Estação Experimental da PESAGRO-RIO, em Macaé, RJ. Na dose 0 mg kg-1 de P, a inoculação de Gc aumentou significativamente a produção de matéria seca e os conteúdos de P da parte aérea, independentemente da adição dos compostos rutina ou quercetina. Entretanto, no caso da espécie Gm, estes aumentos só foram observados no tratamento onde se adicionou rutina, o que indica que este composto aumentou a eficiência desta espécie. Não ocorreu influencia significativa da Pn sobre a produção de matéria seca e os conteúdos de P da parte aérea. Com o aumento da dose P (50 mg kg-1, as espécies de FMAs utilizadas não induziram aumento significativo na produção de matéria seca e no conteúdo de P da parte aérea do mamoeiro.

  11. Implicações do fungo Aspergillus niger var. niger sobre o crescimento de isolados de Aspergillus da seção Circumdati e produção de Ocratoxina a Implications of Aspergillus niger var. niger's mold, fungi upon growing Aspergillus's isolate of section Circumdati and Ochratoxin a

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patrícia Prado Nasser

    2003-10-01

    Full Text Available Buscando esclarecimento a respeito da inibição ou estímulo na produção de ocratoxina A (OTA e no crescimento dos fungos ocratoxigênicos por fungos que também ocorrem naturalmente associados aos grãos de café, com o presente estudo avaliou-se o efeito inibitório do fungo Aspergillus niger var. niger EcoCentro 1181-01(“inibidor” e seu filtrado, sobre o crescimento de isolados de Aspergillus da seção Circumdati e produção de ocratoxina A. O isolado atoxigênico do fungo “inibidor”, selecionado como possível antagonista para espécies toxigênicas do gênero Aspergillus da seção Circumdati, apresentou um efeito positivo inibidor sobre os índices de velocidade de crescimento micelial em relação aos demais isolados testados. A ação antagonista do fungo “inibidor” associado a grãos de café pode ser um dos fatores responsáveis pelos níveis reduzidos de OTA detectados nas amostras analisadas.The present study evaluated the inhibitory effect of the fungus Aspergillus niger var. niger EcoCentro 1181T-01 (inhibitor and its filtrate on the growth of an Aspergillus isolate of the section Circumdati and ochratoxin A (OTA production. An atoxigenic isolate of the inhibitor fungus screened as possible antagonist for toxigenic species of the genus Aspergillus, section Circumdati,showed a positive inhibitory effect upon mycelial growth velocity indices comparing with the isolates tested. The antagonistic action of the inhibitor fungus associated with coffee beans may be one of the factors responsible for the reduced levels of OTA detected in the samples analyzed.

  12. Estudos preliminares com proteínas de Neurospora crassa identificadas em complexos DNA-proteína

    OpenAIRE

    Santos, Monica Aparecida dos [UNESP

    2010-01-01

    Os organismos pertencentes ao reino dos fungos têm exercido um papel fundamental no avanço da compreensão dos mecanismos moleculares de organismos eucariotos devido as suas facilidades de manipulação e o conhecimento das características genéticas e bioquímicas envolvidas em seu ciclo de vida. Neurospora crassa é um fungo cujos mecanismos genéticos e bioquímicos básicos são bem definidos, e por isso tem sido muito usado como um sistema modelo em pesquisas que visam à elucidação de processos ce...

  13. In vitro effect of Bacillus thuringiensis strains and Cry proteins in phytopathogenic fungi of paddy rice-field Efeito in vitro de cepas e proteínas Cry de Bacillus thuringiensis em fungos fitopatogênicos da cultura do arroz irrigado

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Neiva Knaak

    2007-09-01

    Full Text Available Cry1Ab and Cry1Ac strains and proteins synthesized by Bacillus thuringiensis thuringiensis and B. thuringiensis kurstaki were assessed in the following phytopathogens: Rhizoctonia solani,Pyricularia grisea,Fusarium oxysporum and F. solani, which had their micelial growth decreased after incubation in the presence of the bacterial strains. As to Cry proteins, there were no inhibition halo development in the assessed concentrations.As cepas e proteínas Cry1Ab e Cry1Ac sintetizadas por Bacillus thuringiensis thuringiensis e B. thuringiensis kurstaki, foram avaliadas nos fitopatógenos: Rhizoctonia solani,Pyricularia grisea,Fusarium oxysporum e F. solani, os quais tiveram seu crescimento micelial reduzido após a incubação na presença das cepas bacterianas. Em relação às proteínas Cry, não houve formação de halo de inibição nas concentrações avaliadas.

  14. Efeito da solarização e do brometo de metila sobre a comunidade de fungos do solo Effect of soil solarization and methyl bromide on the soil fungi community

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Wilson Story Venâncio

    2006-06-01

    Full Text Available A microbiota do solo é de grande importância no desenvolvimento de culturas. Os métodos de controle, químico (brometo de metila e físico (solarização, alteram essa microbiota. O presente trabalho objetivou estudar o comportamento da comunidade de fungos em solo solarizado e fumigado (brometo de metila. O delineamento experimental foi de blocos ao acaso, com três tratamentos (solarização, brometo de metila e testemunha e sete repetições. A comunidade de fungos do solo foi avaliada de forma quantitativa e qualitativa, em três momentos (antes, durante e após a solarização com amostras coletadas de três profundidades (0-5; 10-15 e 20-25 cm. Durante a solarização ocorreu uma redução na comunidade de fungos do solo, em termos quantitativos, em todas as camadas amostradas. No entanto, essa diminuição foi mais significativa na camada superficial (0-5cm. Em termos qualitativos, a solarização reduziu também o número de diferentes espécies de fungos do solo, mas na camada de 20-25 cm, essa diminuição foi a zero aos 56 dias de avaliação. A recolonização da microbiota do solo, em termos quantitativos, foi maior no tratamento com brometo de metila do que nos demais. Entretanto, esse aumento não foi o mesmo em termos qualitativos. Nos tratamentos solarizado e testemunha, o aumento na comunidade de fungos do solo foi acompanhado pela diversificação de espécies fúngicas.Soil microbial community is of great importance for the crop development. However, the methods of control, chemical (methyl bromide and physical (soil solarization, change such community. The present work aimed to study the behaviour of the community of fungi in solarized and fumigated (methyl bromide soils. The experimental design was randomized in complete blocks, with 3 treatments (soil solarization, methyl bromide, and control and 7 replications. The soil fungi community was evaluated in both, a quantitative and qualitative way during 3 periods (before

  15. Ação do fungo Beauveria bassiana associado a gel polimerizado de celulose no controle do carrapato Anocentor nitens em teste de campo Action of the fungus Beauveria bassiana associated with cellulose polymerized gel in the control of the tick Anocentor nitens in a field test

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    E.J. Souza

    2009-02-01

    Full Text Available Foram selecionados 20 equídeos naturalmente infestados por Anocentor nitens, dos quais seus pavilhões auriculares foram submetidos a quatro tratamentos distintos: gel associado a Beauveria bassiana, apenas gel, apenas B. bassiana e um grupo-controle. Procederam-se à contagem e ao registro do número total de fêmeas adultas (>3mm em cada pavilhão auricular, nos dias 0, 1, 4, 7, 11, 14, 18, 21, 25 e 28, para cálculo do percentual de controle. Foram coletadas e mantidas em laboratório 20 fêmeas pertencentes a cada tratamento, para cálculo dos períodos de pré-postura, postura, incubação e eclosão, e peso médio das posturas. No grupo tratado com o composto gel associado a B. bassiana, observou-se percentual de controle maior que 50%, entre o 4º e o 25º dia, assim como decréscimo progressivo do peso médio da postura das fêmeas coletadas no período entre o 7º e 14º dia. Para os outros tratamentos, o percentual de controle manteve-se abaixo de 20%, e o peso da postura não apresentou diferença significativa. Os percentuais de controle, assim como as reduções no peso médio da postura, sugerem que a utilização do composto gel associado a B. bassiana potencializou a virulência do entomopatógeno.Twenty horses naturally infected by Anocentor nitens were selected and their auricular pinna were submitted to four treatments: gel associated with Beauveria bassiana, gel only, B. bassiana only, and a control group. The count and the register of the total number of grown up tick females (>3mm were performed in each auricular pinna on days 0, 1, 4, 7, 11, 14, 18, 21, 25, and 28 for the calculus of percentage of control. Twenty females from each treatment were collected and maintained in laboratory, to calculate the periods of pre-oviposition, oviposition, incubation, and hatching and mean weight of oviposition. In the group treated with the gel associated to B. bassiana, it was observed a control percentage higher than 50% from the 4º

  16. Manganês e germinação de esporos de fungos micorrízicos arbusculares in vitro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    E. J. B. N. Cardoso

    2002-09-01

    Full Text Available A alta disponibilidade de íons metálicos no solo, dentre eles o Mn2+, pode inibir os fungos micorrízicos arbusculares (FMA, retardando a germinação dos esporos e, conseqüentemente, a formação de micorriza, o que reduz a eficiência simbiótica. O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito do íon Mn2+ sobre a germinação de esporos de seis espécies de FMA dos gêneros Glomus, Acaulospora, Gigaspora e Scutellospora em experimento in vitro Em substrato constituído por areia lavada, adicionaram-se 15; 30 e 75 mg kg-1 de Mn2+, na forma de MnCl2.4H2O, mantendo-se um controle sem adição de Mn. Acondicionaram-se os esporos em envelopes membranosos, introduzindo-os entre duas camadas de areia com diferentes níveis de Mn, em placas de Petri. Após 30 dias de incubação, avaliou-se a germinação dos esporos. Houve decréscimo médio de 32, 49 e 75 % na germinação dos esporos, à medida que se aumentaram as doses de Mn, em comparação ao controle. A germinação de esporos do gênero Glomus foi totalmente inibida na maior dose. O gênero Acaulospora sofreu decréscimos de até 50 % já na dose de 15 mg kg-1 de Mn2+, enquanto os gêneros Scutellospora e Gigaspora apresentaram os maiores índices de germinação de esporos, tendo havido tolerância no caso de Gigaspora, mesmo na maior dose de Mn2+, e estímulo à germinação no caso de Scutellospora até à dose 30 mg kg-1 de Mn2+.

  17. Production and partial characterization of polygalacturonases produced by thermophilic Monascus sp N8 and by thermotolerant Aspergillus sp N12 on solid-state fermentation Produção e caracterização parcial de poligalacturonases produzidas pelo fungo termofílico Monascus sp N8 e pelo termotolerante Aspergillus sp N12 em fermentação em estado sólido

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paula Mendes de Freitas

    2006-09-01

    Full Text Available Polygalacturonases production by newly isolated Monascus sp N8 and Aspergillus sp N12 strains was carried out in solid-state fermentation using mixtures of wheat bran, sugar cane bagasse and orange bagasse as carbon sources. The maximal activity values of exo-polygalacturonases (exo-Pg from Monascus sp and Aspergillus sp were obtained using wheat bran/sugar cane bagasse/orange bagasse mixture (6.6 U/mL and wheat bran/orange bagasse mixture (10 U/mL, respectively. Enzyme production by both strains was higher at 45ºC after 72 h and 1.6 U/mL at 50ºC after 120 h. Endo-polygalacturonase (endo-Pg production was higher in wheat bran/orange bagasse mixture and was not affected by temperature of incubation for both fungi. Endo-Pg production by Monascus was 1.8 U/mL at 45ºC and 50ºC, after 72. Similar values were obtained in Aspergillus sp culture, 1.9 U/mL at 45ºC and 1.8 U/mL at 50ºC. Exo-Pg from both strains showed optimum activity at pH 5.5. Maximal activity was determined at 60ºC for enzyme from Monascus sp and 50ºC for that produced by Aspergillus sp. Exo-Pg from Monascus sp was stable at pH range 4.5-6.0 whereas that from Aspergillus sp enzyme was stable at pH 4.0. Both enzymes showed stability when incubated at 50ºC for 1 h, in absence of substrate.A produção de poligalacturonases pelas linhagens fúngicas recentemente isoladas, Monascus sp N8 e Aspergillus sp N12, foi estudada através de fermentação em estado sólido usando como substratos misturas de farelo de trigo, bagaço da cana-de-açúcar e bagaço de laranja. A atividade máxima de exo-Pg produzida por Monascus sp (6,6 U/mL foi obtida quando o meio de cultivo utilizado continha mistura de farelo de trigo, bagaço da cana-de-açúcar e bagaço de laranja (1:1:1, enquanto que Aspergillus sp produziu maior quantidade da enzima (10 U/mL em meio de farelo de trigo e bagaço de laranja. A maior produção de exo-Pg foi obtida através de incubação das culturas a 45ºC quando

  18. Produção de mudas do tipo rebentão, utilizando coroas de três cultivares de abacaxi inoculadas com fungos micorrízicos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo Cesar dos Santos

    2011-09-01

    Full Text Available Um dos principais gargalos para o desenvolvimento da abacaxicultura no Brasil tem sido a ausência tanto de mudas em quantidade quanto em qualidade, para propagação. Entre as alternativas, verifica-se a obtenção de mudas a partir da brotação de gemas de coroas dos frutos, que são, normalmente, descartadas pelo consumidor. Além disso, a utilização de fungos micorrízicos arbusculares (FMAs pode ser uma alternativa para melhorar a produção das mudas, visto que estes fungos podem abreviar o tempo de formação de mudas de diversas frutíferas. O objetivo deste trabalho foi avaliar a produção de mudas do tipo rebentão, através do método de destruição do meristema apical da coroa de cultivares do abacaxizeiro inoculadas com FMAs. Utilizou-se o delineamento em blocos casualizados, num fatorial 3x3, com três cultivares de abacaxi ('Smooth Cayenne', 'Pérola' e 'Jupi' e três tratamentos microbiológicos (Sem inoculação, inoculação com Glomus etunicatum e inoculação com uma mistura dos fungos Glomus clarum e Gigaspora margarita, com quatro repetições. As primeiras emissões foram registradas aos 30; 60 e 90 dias após o plantio para as cultivares 'Smooth Cayenne', 'Pérola' e 'Jupi', respectivamente. O abacaxizeiro 'Smooth Cayenne' produziu 80 e 69% de mudas a mais do que as cultivares 'Pérola' e 'Jupi', respectivamente. Coroas de abacaxi inoculadas com a mistura de fungos micorrízicos apresentaram maior número de emissão de brotações quando comparadas com aquelas inoculadas apenas com G. etunicatum. Nas avaliações nutricionais das coroas, a inoculação com a mistura de dois fungos micorrizicos promoveu, em folhas da coroa do abacaxizeiro, incrementos de 85 e 66% nos teores de P; de 22 e 13% para os de N, e de 6 e 19% para os de K, em relação aos tratamentos G. etunicatum e sem inoculação, respectivamente. Conclui-se que a produção de rebentos oriundos de coroas cuja gema principal foi decapitada é uma

  19. Purificação parcial de inibidores de tripsina de sementes de Caesalpinia ferrea e Swartzia polyphylla e o efeito dos extratos protéicos sobre fungos fitopatogênicos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriana Bariani

    2012-06-01

    Full Text Available Sementes de leguminosas apresentam alta concentração de inibidores de tripsina; estas proteínas estão envolvidas no metabolismo celular e também em mecanismos de defesa vegetal. A fim de confirmar ou não, a possível ação fungicida destas proteínas a partir de extratos de sementes de leguminosas arbóreas, o objetivo deste estudo foi detectar inibidores de tripsina em sementes de Caesalpinia ferrea (CfTI e Swartzia polyphylla (SpTI e testar os extratos contra os fungos fitopatogênicos Colletotrichum guaranicola, Corynespora cassiicola, Fusarium oxysporum e Sclerotium rolfsii, avaliando o crescimento micelial e a esporulação. Para tanto, amostras do material biológico vegetal, sementes finamente pulverizadas, foram submetidas à extração em NaCl 150 mM. Os extratos protéicos foram parcialmente purificados em coluna Sephadex G-100, submetidos à detecção dos inibidores e SDS-PAGE (12,5% e, utilizados nos bioensaios contra os fungos. O perfil eletroforético revelou uma única banda em CfTI e oito bandas em SpTI. Os extratos de C. ferrea e S. polyphylla exibiram efeito na diminuição da esporulação dos fungos testados, mas S. rolfsii foi inibido apenas por C. ferrea. Quanto ao crescimento micelial, os dois extratos tiveram efeito sobre F. oxysporum e S. rolfsii, ao passo que C. guaranicola foi inibido apenas por S. polyphylla, e C. cassiicola por C. ferrea. Concluiu-se que sementes de C. ferrea e S. polyphylla apresentam inibidores de tripsina. Além disso, os resultados sugerem que estas espécies de leguminosas arbóreas são promissoras no que concerne à prospecção de fungicidas naturais, uma vez que os extratos diminuíram o crescimento micelial e a esporulação de C. guaranicola, C. cassiicola, F. oxysporum e S. rolfsii.

  20. Comportamento de fungos e de sementes de feijoeiro durante o teste de envelhecimento artificial Behavior of fungi and of bean seeds during the artificial aging test

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    MONALISA ALVES DINIZ DA SILVA

    2000-03-01

    Full Text Available O teste de envelhecimento artificial, recomendado para avaliar o vigor de lotes de sementes, apresenta variabilidade em seus resultados; a ação dos fungos é considerada uma das causas dessa variabilidade. Este trabalho objetivou verificar os efeitos de diferentes períodos de envelhecimento artificial, no comportamento fisiológico de sementes do feijoeiro e dos fungos Aspergillus spp., Penicillium spp., Fusarium oxysporum e Colletotrichum lindemuthianum, inoculados artificialmente. Foram conduzidos testes de sanidade, germinação, tetrazólio, emergência, condutividade elétrica e lixiviação de potássio. As respostas obtidas, dependentes da duração do período de envelhecimento, indicaram efeitos da espécie fúngica presente. Concluiu-se que o teste de envelhecimento artificial associa a expressão de causas fisiológicas e sanitárias, o que prejudica a interpretação dos dados obtidos; a presença de fungos, principalmente de Aspergillus spp., pode ser considerada como capaz de interferir de modo negativo no desempenho das sementes envelhecidas artificialmente.Although recommended for evaluation of seed lot vigor, artificial aging test shows results variability for reasons yet to be elucidated. Seed-fungi association is considered one of the causes responsible for such variation. The goal of this work was to verify the effects of periods of artificial aging on bean seed behavior and on Aspergillus spp., Penicillium spp., Fusarium oxysporum and Colletotrichum lindemuthianum fungi artificially inoculated by contact method. Health, germination, tetrazolium, emergence, electrical conductivity and potassium leaching tests were performed for seed behavior evaluation. The answers achieved, besides dependable on the aging time period, indicated the effect of fungi species associated to the seed. The artificial aging test was found to be associated with the expression of physiological and sanitary causes that interfere with data

  1. Ligninolytic enzymes production and Remazol brilliant blue R decolorization by tropical brazilian basidiomycetes fungi Produção de enzimas ligninolíticas e descoloração do corante azul brilhante de Remazol R por fungos basidiomicetos tropicais brasileiros

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kátia M. G. Machado

    2005-09-01

    Full Text Available Remazol Brilliant Blue R (RBBR dye was used as substrate to evaluate ligninolytic activity in 125 basidiomycetous fungi isolated from tropical ecosystems. The extracellular RBBR decolorizing activity produced when selected fungi were grown in solid media and in soil contaminated with organochlorines was also evaluated. A total of 106 fungi decolorized the RBBR during the growth in malt extract agar (MEA, 2%; 96 fungi showed a mycelia growth and decolorization activity stronger than the P. chrysosporium used as reference. Extracellular extracts of 35 selected fungi grown on solid medium with sugar cane bagasse (BGS were evaluated for RBBR decolorization and peroxidase activity. All fungi showed peroxidase activities, but 5 of those were unable to decolorize the RBBR. Different patterns of ligninolytic enzymes were detected in 12 fungi extracts. Mn-dependent peroxidase (MnP was produced by Peniophora cinerea, Psilocybe castanella, three strains of Trametes villosa, T. versicolor, Melanoporia nigra and Trichaptum byssogenum. All 12 fungi had laccase activity. Trogia buccinalis showed the highest RBBR decolorization and did not produce MnP activity. RBBR decolorization without MnP production was also observed for three strains of Lentinum tested. Higher levels of peroxidase and laccase cannot be related to high RBBR decolorization. RBBR decolorization by extracellular extract was also detected during the growth of P. castanella, L. crinitus, P. cinerea and two strains of T. Villosa in pentachlorophenol- and hexachlorobenzene-contaminated soils. These fungi showed higher RBBR decolorization when grown in the presence of organochlorine compounds than when in non contaminated soil.O corante azul brilhante Remazol R (RBBR foi usado como substrato para avaliar 125 fungos basidiomicetos isolados de ecossistemas tropicais brasileiros quanto a atividade ligninolítica. A descoloração do RBBR por extratos obtidos do crescimento de fungos em meio sólido e

  2. Antagonistic in vitro activity of Trichoderma spp. isolates to the fungi Phytophthora citrophthora / Atividade antagônica in vitro de isolados de Trichoderma spp. ao fungo Phytophthora citrophthora

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cleiton Gredson Sabin Benett

    2008-07-01

    Full Text Available Gummosis is among the main fungal diseases of the citrus. It is caused by Phytophthora sp. and usually shows up in the lap of the plant, provoking rottenness and gum exudation, and expands causing the plant death for constrictions in the cambium or phloem which interrupts the descending fow of sap. The objective of this work was to evaluate the antagonistic in vitro activity of Trichoderma spp. to the fungi Phytophthora citrophthora. Phytophthora citrophthora was exposed to fve environments of antagonism (without antagonist and with four strains of Trichoderma viride, T. virens, T. harzianu and T. stromaticum. The in vitro essay was accomplished through the method of paired cultures. A completely randomized desing was used with fve treatments and three replications, and each plot was represented by three petri dishes. The isolates of Trichoderma demonstrated signifcant effect in the inhibition of the mycelial growth of the fungi Phytophthora citrophthora, and the fungi Trichoderma stromaticum presented larger antagonism to the fungi P. citrophthora while the T. harzianum presented antagonism smaller.A citricultura nacional apresenta inúmeras pragas e doenças que limitam sua produção dentre as principais doenças fúngicas da cultura dos citros pode se destacar a gomose. A gomose causada por Phytophthora sp. geralmente se manifesta no colo da planta, provocando podridão e exsudação de goma, podendo expandir-se ocasionando a morte da planta por estrangulamento devido ao ataque do cambio ou foema, o que interrompe o fuxo descendente de seiva. Este trabalho foi realizado com o objetivo de se avaliar a atividade antagônica in vitro, de isolados de Trichoderma spp. ao fungo Phytophthora citrophthora. O fator em estudo foi um patógeno (Phytophthora citrophthora em cinco ambientes de antagonismo (sem antagonista e com os isolados de Trichoderma viride, T. virens, T. harzianu e T. stromaticum. O ensaio in vitro foi realizado por meio do m

  3. Dermatite multifatorial em um canino

    OpenAIRE

    C.B. Matos; Madrid, I.M.; SANTIN,R.; Azambuja,R.H.; I. Schuch; M.C.A. Meireles; M.B. Cleff

    2012-01-01

    Relatou-se um caso clínico de dermatite multifatorial em cão, envolvendo Demodex canis, Sporothrix schenckii e bactérias dos gêneros Staphylococcus e Streptococcus. O animal, macho, da raça Pit Bull, com um ano e três meses de idade, apresentou lesões úmidas, hiperêmicas, descamativas e ulcerativas nas regiões do pescoço e do tórax. Exames laboratoriais confirmaram o diagnóstico de infecção concomitante por fungo, bactéria e parasito. A terapia antimicrobiana com moxidectina, itraconazol e am...

  4. Control of infective larvae of gastrointestinal nematodes in heifers using different isolates of nematophagous fungi Controle de larvas infectantes de nematóides gastrintestinais de novilhas por diferentes isolados dos fungos nematófagos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Manoel Eduardo da Silva

    Full Text Available The effect of different nematophagous fungi [Duddingtonia flagrans (AC001 and CG722 and Monacrosporium thaumasium (NF34] with regard to controlling infective larvae (L3 of nematodes after gastrointestinal transit in female cattle (3/4 Holstein × Zebu was evaluated. A total of 24 pubescent female cattle were used, weighing approximately 320 kg each one. There were three treatment groups, each contained six animals that received 150 g of pellets (0.2 g of mycelium, orally in a single dose, in a sodium alginate matrix containing mycelial mass of the fungus D. flagrans (AC001 or CG722 or M. thaumasium (NF34; and one control group (without fungi. Fecal samples were collected from the animals at intervals of 12, 15, 18, 21, 24, 48, and 72 hours. At the end of 17 days, the L3 not subjected to predation were recovered by means of the Baermann method. The fungal isolates tested were capable of destroying the L3 after gastrointestinal transit. It was observed that within 72 hours, the isolates AC001, CG722, and NF34 showed a higher predatory activity (81.2%, 97.3%, and 98.3%, respectively. The results justify the need for studies in the field, and over longer intervals, in order to observe the efficiency of the fungus D. flagrans, or even M. thaumasium, for environmental control over nematodes in naturally infected cattle.No presente estudo, foi avaliado o efeito de diferentes fungos nematófagos [Duddingtonia flagrans (AC001 e CG722 e Monacrosporium thaumasium (NF34] no controle de larvas infectantes (L3 de nematóides após o trânsito gastrointestinal em fêmeas bovinas (3/4 Holandês x Zebu. Um total de 24 fêmeas bovinas pubescentes foram utilizadas, pesando aproximadamente 320 kg cada. Foram utilizados três grupos de tratamento; cada um contendo seis animais que receberam por via oral de 150 g de péletes (0,2 g de micélio, em dose única, em uma matriz de alginato de sódio contendo massa micelial dos fungos D. flagrans (AC001 ou

  5. Incidência de fungos e germinação de sementes de feijão-caupi (Vigna unguiculata L. (Walp tratadas com óleo de nim (Azadirachta indica A. Juss

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    G.C. Silva

    2014-12-01

    Full Text Available Neste trabalho avaliou-se o efeito do óleo de nim no controle de fungos associados às sementes de feijão caupi e a influência deste produto na germinação de três cultivares (Serrinha, BR 17, e Maranhão. Foram preparadas diluições de 0,5; 1,0; 2,0; 4,0 g dm 3-do óleo de nim em água destilada e testemunha, só com água. Os fungos foram identificados pelo método do papel de filtro e a germinação das sementes foi avaliada considerando as informações das Regras para Análise de Sementes. Foram utilizadas sementes de três cultivares de feijão-caupi: a cultivar Serrinha, proveniente da cidade de Timon-MA, a cultivar Maranhão, da cidade de Viana - MA, e a cultivar BR 17, obtida junto à Embrapa Meio Norte, na cidade de Teresina-PI. O crescimento de Fusarium sp. nas cultivares Maranhão e Serrinha foi reduzido em 52 e 53%, respectivamente e o índice de redução de Aspergillus sp. foi de 14 e 20% nas mesmas cultivares. Em relação aos fungos M. phaseolina e Phoma sp., observa-se que não foram inibidos em nenhuma das três cultivares. No que se refere à germinação das sementes nota-se que na cultivar Maranhão houve aumento no índice da germinação de 13 e 17,5% em relação à testemunha e, na cultivar Serrinha, somente a concentração 0,5% diferiu da testemunha com redução no índice de germinação de 6,49%. Conclui-se que o óleo de nim reduz a incidência de Fusarium sp. e Aspergillus sp. e é indiferente na redução de M. phaseolina e Phoma sp. O índice de germinação aumentou na cultivar Maranhão e diminuiu na cultivar Serrinha.

  6. VARIAÇÃO SAZONAL DA POPULAÇÃO DE BACTÉRIAS E FUNGOS E DOS TEORES DE NITRATO E AMÔNIO DO SOLO NOS SÍTIOS DO LBA E PPBIO, NA AMAZÔNIA ORIENTAL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Quêzia Leandro de Moura

    2015-09-01

    Full Text Available É possível que os fatores ambientais, que determinam o comportamento da microbiota edáfica, estejam sendo modificados pelas mudanças climáticas de origem natural e/ou antrópica. A fim de verificar o efeito da exclusão de água sobre a população de bactérias e fungos do solo, foi desenvolvido o presente estudo na área do experimento ESECAFLOR, que simula a ocorrência de fenômenos extremos, como o evento El Niño, e na área do Programa de Pesquisa em Biodiversidade - PPBio (Floresta Primária, que visa estudar a Biodiversidade da Amazônia, sendo esta usada como controle para fins comparativos. As amostras de solo foram coletadas nas profundidades: 0-5, 5-10, 10-20 e 20-30 cm, nos períodos sazonais chuvoso, de transição e menos chuvoso. Os maiores valores de Unidades Formadoras de Colônias (UFC para as populações de Bactérias e Fungos foram 196 x 104 UFC/g de solo e 124 x 102 UFC/g de solo, respectivamente, ambos na área sem intervenção antrópica (PPBio. A umidade do solo é a variável que teve maior influência nos valores nas contagens obtidas das populações de fungos e bactérias.

  7. Isolamento e seleção de fungos para biorremediação a partir de solo contaminado com herbicidas triazínicos Isolation and screening of fungi to bioremediation from triazine herbicide contaminated soil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciane Maria Colla

    2008-06-01

    Full Text Available A biorremediação é uma tecnologia que utiliza o metabolismo de microrganismos para eliminação ou redução, a níveis aceitáveis, de poluentes presentes no ambiente. Os herbicidas triazínicos são usados intensivamente no controle de ervas daninhas, principalmente na cultura de milho. Objetivou-se, neste trabalho, isolar fungos filamentosos de solos contaminados com herbicidas triazínicos (atrazine e simazine e selecionar os microrganismos isolados quanto à capacidade de crescimento em meio adicionado de atrazine. Os microrganismos foram isolados, cultivados em meio Ágar-Batata-Dextrose (BDA acidificado com ácido tartárico 10%, adicionado de 50 mg.Kg-1 de atrazine e incubados por 5 dias a 25ºC. Foi realizada a medida diária do crescimento fúngico e calculada a velocidade de crescimento radial através de regressão linear dos raios das colônias utilizando-se a equação r(t = a + VCR .t (r:raio; t: tempo; VCR: velocidade de crescimento radial. Os resultados de VCR foram analisados através de Anova simples e do teste de Tukey, para comparação de médias. Foram isolados 15 fungos, pertencentes aos gêneros Aspergillus, Penicillium e Trichoderma. As maiores VCRs foram obtidas com fungos Aspergillus (A1 e Penicillium (AS1, isolados de solo contaminado com atrazine e atrazine adicionado de simazine, respectivamente, que apresentaram VCRs de 1,57 mm.d-1 e 1,28 mm.d-1. O crescimento dos fungos em meio contaminado com a atrazine indica a possibilidade de utilização desses fungos em estudos de biorremediação de solos contaminados com herbicidas triazínicos.Bioremediation is a technology that uses microrganism metabolism to quickly eliminate or reduce pollutants to acceptable levels into the environment. The triazine herbicides are intensively used to control harmful grass in the culture of maize. The aim of this work was to isolate filamentous fungi from soil contaminated with triazine herbicides and screening these fungi due to

  8. Identificação de fungos aflatoxigénicos em produtos alimentares.

    OpenAIRE

    Rodrigues, Paula; Venâncio, Armando; Lima, Nelson

    2011-01-01

    A contaminação dos alimentos com aflatoxinas e um problema com interesse crescente no que respeita à saúde do consumidor. As aflatoxinas, das quais se destaca a aflatoxina 81 , são micotoxinas de elevado grau toxigénico. Apresentam distribuição mundial e contaminam uma grande variedade de produtos agrícolas, principalmente cereais e frutos de casca rija. As aflatoxinas são produzidas por algumas espécies de Aspergillus secção Flavi. Esta secção integra um elevado numero de espé...

  9. Screening for ligninolytic enzymes from autochthonous fungi and applications for decolorization of Remazole Marine Blue Triagem de enzimas ligninolíticas de fungos autóctones e aplicações para descoloramento de Remazole Marine Blue

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Emre Erden

    2009-06-01

    Full Text Available This study presents new and alternative fungal strains for the production of ligninolytic enzymes which have great potential to use in industrial and biotechnological processes. Thirty autochthonous fungal strains were harvested from Bornova-Izmir in Turkiye. In the fresh fruitbody extracts laccase, manganese peroxidase and lignin peroxidase activities, which are the principal enzymes responsible for ligninocellulose degradation by Basidiomycetes, were screened. Spores of some of the basidiomycetes species such as Cortinarius sp., Trametes versicolor, Pleurotus ostreatus, Abortiporus biennis, Lyophyllum subglobisporium, Ramaria stricta, Ganoderma carnosum, Lactarius delicious ve Lepista nuda were isolated and investigated optimum cultivation conditions in submerged fermentation for high yields of ligninolytic enzyme production. In addition, isolated fungal strains were monitored on agar plates whether having the capability of decolorization of a textile dye Remazol Marine Blue.Este estudo apresenta novas cepas de fungos produtores de enzimas ligninolíticas com potencial de aplicação em processos industriais e biotecnológicos. Trinta cepas de fungos autóctones foram obtidos em Bornova-Izmir, Turquia. Os extratos frescos dos corpos de frutificação foram submetidos à triagem de atividade de lacase, manganês peroxidase e lignina peroxidase, que são as principais enzimas de degradação de ligninocelulose pelos Basidiomycetes. Foram isolados esporos de Cortinarius sp, Tramnetes versicolor, Pleorotus ostreatus, Abortiporus biennis, Lyophyllum subglobisporium, Ramaria stricta, Ganoderma carnosum, Lactarius delicius ve Lepista desnuda, investigando-se as condições ótimas de cultivo em fermentação submersa para produção de enzimas ligninolíticas com elevado rendimento. Além disso, as cepas fúngicas isoladas foram monitoradas em placas de ágar quanto a capacidade de descoloramento do corante têxtil Remazole Marine Blue.

  10. Response of castor bean to arbuscular mycorrhizal fungi and levels of phosphorusResposta da mamoneira a fungos micorrízicos arbusculares e a níveis de fósforo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Roberto Pinto de Souza

    2011-12-01

    Full Text Available The aim of this study was to evaluate the response of castor bean inoculated with arbuscular mycorrhizal fungi (AMF and different levels of P in the soil. The experiment was carried out under greenhouse condition, in Londrina-PR, using disinfected sandy soil (LVd as substrate, in pots with capacity of 4 kg. The treatments were conducted in a randomized factorial design, using Iris castor bean cultivar. The treatments with mycorrhizal were: Control, Gigaspora margarita, Glomus clarum, and a mixture of species, and five levels of P (0, 20, 40, 80, 160 mg P kg soil-1, with four replicates. There were evaluated: dry mass, content of P in the shoot and mycorrhization. There was a significant effect of arbuscular mycorrhizal fungi inoculation on the dry mass and in the P content in the shoot. The addition of P influenced, significantly, the production of dry mass and P content in the plant tissue, however it decreases the root colonization and mycorrhizal sporulation. The castor bean show dependence of AMF in soil with low levels of P.O objetivo no presente estudo foi avaliar a resposta da mamoneira inoculada com fungos micorrízicos arbusculares (FMA e diferentes níveis de P no solo. O experimento foi conduzido em casa de vegetação, em Londrina-PR, com a utilização de solo arenoso (LVd autoclavado como substrato, em vasos com capacidade de 4 kg. Os tratamentos foram instalados em um esquema fatorial A x B, casualizados, sendo utilizado o híbrido de mamona Iris. Fator A: representado pela inoculação dos fungos micorrízicos: Controle, Gigaspora margarita, Glomus clarum, e uma mistura de espécies, e o fator B pelos cinco níveis de P (0, 20, 40, 80, 160 mg P kg solo-1, com quatro repetições. Foram avaliados: massa seca de plantas, micorrização e o teor de P na parte aérea. Houve efeito significativo da inoculação de fungos micorrizícos arbusculares na massa seca e no teor de P na parte área. A adição de doses de P influenciou de

  11. Efeito do fósforo, fumigação do substrato e fungo micorrízico arbuscular sobre o crescimento de plantas de mamoeiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Minhoni M. T. A.

    2003-01-01

    Full Text Available Estudou-se o efeito da inoculação com o fungo micorrízico arbuscular (FMA, Glomus macrocarpum, da fumigação do substrato e da adição de fósforo solúvel (60, 120, 240 e 480 mg kg-1 de P no solo sobre as variáveis altura, número de folhas e diâmetro do caule de plantas de mamoeiro cv. Sunrise Solo.O FMA edoses crescentes de fósforo, isoladamente, exerceram efeitos significativos sobre essas variáveis. Não houve efeito significativo do fator fumigação do substrato. O efeito da inoculação foi mais acentuado no tratamento com adição de 60 mg kg-1 de P no solo. A inoculação com G. macrocarpum reduziu a necessidade de fósforo para o mamoeiro, tanto que as variáveis estudadas em plantas inoculadas na ausência de adubação fosfática não diferiram de plantas não inoculadas em substrato adicionado de mais de 240 mg kg-1 de P no solo.

  12. Isolation and characterization of a chitinase gene from entomopathogenic fungus Verticillium lecanii Isolamento e caracterização de um gene de quitinase do fungo entomopatogênico Verticillium lecanii

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Yanping Zhu

    2008-06-01

    Full Text Available Entomopathogenic fungus Verticillium lecanii is a promising whitefly and aphid control agent. Chitinases secreted by this insect pathogen have considerable importance in the biological control of some insect pests. An endochitinase gene Vlchit1 from the fungus was cloned and overexpressed in Escherichia coli. The Vlchit1 gene not only contains an open reading frame (ORF which encodes a protein of 423 amino acids (aa, but also is interrupted by three short introns. A homology modelling of Vlchit1 protein showed that the chitinase Vlchit1 has a (α/β8 TIM barrel structure. Overexpression test and Enzymatic activity assay indicated that the Vlchit1 is a functional enzyme that can hydrolyze the chitin substrate, so the Vlchit1 gene can service as a useful gene source for genetic manipulation leading to strain improvement of entomopathogenic fungi or constructing new transgenic plants with resistance to various fungal and insects pests.O fungo entomopatogênico Verticillium lecanii é um agente promissor no controle da mosca-branca e do pulgão. As quitinases secretadas por esse patógeno de insetos têm uma grande importância no controle biológico de doenças causadas por insetos. Um gene de endoquitinase Vlchit1 desse fungo foi clonado e expresso em Escherichia coli. O gene Vlchit contém não apenas um ORF que codifica uma proteína de 423 aminoácidos, mas também é interrompido por três pequenos introns. A modelagem de homologia da proteína Vlchit1indicou que a quitinase Vlchit1 tem uma estrutura (α/β 8 TIM barrel. Testes de expressão e de atividade enzimática indicaram que Vlchit1 é uma enzima funcional que hidroliza quitina, portanto o gene Vlchit pode ser um gene útil para manipulação genética para melhoramento de cepas de fungos entomopatogênicos ou para a construção de novas plantas transgênicas com resistência a várias doenças causadas por fungos e insetos.

  13. Screening of different fungi for decolorization of molasses Triagem de fungos para descoloramento de melaço

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Isil Seyis

    2009-03-01

    Full Text Available The decolorization of molasses by 17 different fungi in 2 media was studied. Trichoderma viride showed the highest decolorization yield (53.5% when cultivated at 30°C for 7 days in Medium 1 which contained the molasses which was diluted to 40 g/L in distilled water. The other Trichoderma species and Penicillium sp. also gave similar results of 40-45%. Decolorization yield was increased by adding peptone and yeast extract to the production medium except Penicillium sp. Growth rate was not related to decolorization yet pH value was. When the pH decreased below 5.0 after the incubation, the decolorization yield increased. Although reducing sugar in culture broth decreased with decreasing color intensity, there was no connection between protein utilization and decolorizing activity.Este estudo avaliou o descoloramento do melaço por 17 fungos em dois meios. Trichoderma viride apresentou o melhor rendimento de descoloramento (53,5% quando cultivado a 30°C por 7 dias no meio 1, composto de melaço diluído a 40 g/L em água destilada. As outras espécies de Trichoderma e Penicillium sp apresentaram rendimento da ordem de 40-45%. O rendimento de descoloramento aumentou com a adição de peptona e extrato de levedura ao meio de produção, com exceção de Penicillium sp. A taxa de crescimento não teve relação com o descoloramento, mas o pH sim. Quando o pH diminuiu para abaixo de 5,0 depois da incubação, o rendimento de descoloramento foi maior. Embora os açúcares redutores no meio de cultura tenham diminuído com a diminuição da intensidade de cor, não houve relação entre utilização de proteína e atividade descolorizante.

  14. Fungitoxicty of Bidens pilosa, Thymus vulgaris, Lippia alba and Rosmarinus officinalis in the in vitro development of phytophatogens fungi / Fungitoxidade de Bidens pilosa, Thymus vulgaris, Lippia alba e Rosmarinus officinalis no desenvolvimento in vitro de fungos fitopatogênicos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Renato Stangarlin

    2009-07-01

    Full Text Available The fungitoxicity of aqueous crude extracts (ACE of Bidens pilosa, Thymus vulgaris, Lippia alba and Rosmarinus officinalis was evaluated in vitro on development of Alternaria alternata, Colletotrichum graminicola, Rhizoctonia solani and Sclerotium rolfsii. The active ACE were incorporated to Potato- Dextrose-Agar (PDA alone or in mixture, at 0%, 1%, 5%, 10%, 15%, 25% and 50% concentrations. Measurement in fungal colonies was taken daily until the control treatment covered 2/3 of the culture media. The mixtures of T. vulgaris with B. pilosa did not have positive effect because the ACE of B. pilosa did not reduce the fungal growth of R. solani and in mixture inhibited the effect ACE of T. vulgaris. However, the mixture of ACEs of R. officinalis and L. alba produced better results than isolated ACEs, with 60% of growth inhibition of A. alternata. The ACE of T. vulgaris inhibited the growth of C. graminicola at 97%. The results show that ACEs have significative fungitoxicity in the evaluated phythopathogens.Avaliou-se in vitro, a atividade fungitóxica dos extratos brutos aquosos (EBA em diferentes concentrações isolados e em misturas de Bidens pilosa, Thymus vulgaris, Lippia alba e Rosmarinus officinalis no desenvolvimento dos fungos Alternaria alternata, Colletotrichum graminicola, Rhizoctonia solani e Sclerotium rolfsii. A avaliação foi realizada incorporando os extratos brutos aquosos (EBAs ao meio BDA isolados e em mistura, nas concentrações 0%, 1%, 5%, 10%, 15%, 25% e 50%. Foram feitas medições diárias das colônias fúngicas até o momento em o tratamento controle cobriu 2/3 da superfície do meio de cultura. Verificou-se que a mistura de T. vulgaris com B. pilosa não teve efeito positivo, pois o EBA isolado de B. pilosa não reduziu o crescimento do fungo R. solani e em mistura reduziu o efeito do EBA de T. vulgaris. Porém, o EBAs de R. officinalis e L. alba em mistura levaram a melhores resultados, reduzindo em até 60% o

  15. Avaliação da resistência de 47 acessos de mangueira aos fungos Fusicoccum aesculis e Neofusicoccum parvum

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Diógenes da Cruz Batista

    2012-09-01

    Full Text Available A mangicultura praticada no Submédio do Vale do São Francisco é considerada um dos principais destaques no comércio externo do País. Dentre as diversas variedades cultivadas, a Tommy Atkins é a que representa a maior parte das exportações. Entretanto, a magnitude das perdas por podridões pós-colheita, causadas por fungos Botryosphaeriaceae, é sempre uma grande preocupação para exportadores e importadores da fruta. A busca por métodos de controle mais eficazes e limpos é uma tendência mundial. Nesse sentido, o objetivo deste trabalho foi avaliar a reação de frutos, de 47 acessos de mangueiras, quanto à resistência aos fungos Fusicoccum aesculis e Neofusicoccum parvum. As inoculações foram realizadas mediante deposição de disco do meio de cultura batata-dextrose-ágar (BDA, contendo estruturas do patógeno sobre duas posições opostas na região equatorial da manga, mantido, posteriormente, por 24 horas em câmara úmida. Foram realizadas medições das lesões até o sétimo dia, com uma régua milimetrada. Com os registros dos crescimentos das lesões, foram calculadas as taxas diárias de crescimento da lesão (TDCL's para cada acesso. As maiores TDCLs foram observadas nos acessos 'Roxa' e 'Lita', quando inoculados com F. aesculis, e nos acessos 'Roxa', 'Ruby', 'Papo de peru', 'CPAC 22/93', 'Pingo-de-ouro', 'Pêssego' e 'M13269', quando inoculados com N. parvum. Os acessos 'Nego-não-chupa', 'Manga-d'água', 'Juazeiro VI', 'Juazeiro VII' e 'Favo-de-mel' foram os que apresentaram, concomitantemente, as menores TDCLs para ambos os patógenos e diferenças significativas em relação aos demais acessos.

  16. Optimization of diterpenes bioconversion process by the fungus Cephalosporium aphidicola Otimização do processo de bioconversão de compostos diterpênicos pelo fungo Cephalosporium aphidicola

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jacqueline Aparecida Takahashi

    2000-06-01

    Full Text Available Parameters for a more efficient biotransformation of diterpene-like compounds by the fungus Cephalosporium aphidicola were established by carrying out microscale feedings at several conditions. Experiments were guided by thin layer chromatography and gas chromatography analysis. It was observed that the substrate should be added in ethanol at concentrations between 15 to 30 mg per 100 ml of medium. The extraction of the product showed to be more efficient when carried out from both mycelia and broth and using ethylacetate as the extracting solvent. The experiment should be stopped six days after feeding the substrate to the fungus for the best product yield.Condições otimizadas para a biotransformação de compostos diterpênicos pelo fungo Cephalosporium aphidicola foram determinadas, realizando-se incubações em microescala nas quais variaram-se parâmetros como o tempo de incubação e a quantidade de substrato adicionado. A velocidade (índice de bioconversão foi monitorada analisando-se os extratos de cultivo através de cromatografia em camada delgada e cromatografia gasosa. Os resultados obtidos mostraram que, para melhores rendimentos, o substrato deve ser adicionado em solução etanólica, na concentração de 15-30 mg por 100 mL de meio de cultura. A extração de produtos deve ser realizada com acetato de etila, a partir da fase aquosa e do micélio, no sexto dia após a adição do substrato. Estes resultados podem ser utilizados como um roteiro para incubações de compostos estruturalmente semelhantes com o fungo Cephalosporium aphidicola.

  17. Techniques and parameters used in compatibility studies between entomopathogenic fungi and phytosanitary products/ Técnicas e parâmetros utilizados nos estudos de compatibilidade entre fungos entomopatogênicos e produtos fitossanitários

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patricia Helena Santoro

    2005-06-01

    Full Text Available Fungi are important biological control agents of pests, because they can infect the insect at several developmental stages. The interactions between these microorganisms and phytosanitary products must be taken into account in Integrated Pest Management (IPM programs, much the same way as it is done for predator and parasitoid insects. The adoption of products that are selective to entomopathogenic fungi will provide greater efficiency in the preservation of the entomopathogen, enhancing biological control. Selectivity/compatibility studies are, for the most part, conducted in the form of in vitro tests because of their convenience in relation to field studies. However, the methods used in in vitro tests for obtaining contact between products and entomopathogenic fungi, in addition to the evaluated parameters, are quite different, which make the comparison between results a difficult undertaking. In this review we therefore discuss the most important techniques and parameters used in these tests and suggest guidelines for protocol establishment. These protocols will facilitate the comparison of results and make important information available for the recommendation of phytosanitary products in the development of pest control strategies.Os fungos são importantes agentes de controle biológico de pragas, pois podem infectar o inseto em diversos estágios de desenvolvimento. As interações entre estes microrganismos e os produtos fitossanitários devem ser consideradas nos programas de Manejo Integrado de Pragas (MIP, assim como já é realizado para insetos predadores e parasitóides. A adoção de produtos seletivos aos fungos entomopatogênicos possibilitará maior eficiência na conservação do entomopatógeno, incrementando o controle biológico. Os estudos de seletividade/compatibilidade são, na sua grande maioria, realizados em testes in vitro pela facilidade em relação aos estudos a campo. Entretanto, nos testes in vitro os m

  18. Efeito da toxicidade de Cr (VI e Zn (II no crescimento do fungo filamentoso Aspergillus niger isolado de efluente industrial Toxicity effect of Cr (VI and Zn (II on growth of filamentous fungi Aspergillus niger isolated from industrial effluent

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria do Socorro Vale

    2011-09-01

    Full Text Available Processos convencionais de tratamento de efluentes utilizam microrganismos vivos, o que sugere limitações relativas À toxicidade de metais para os microrganismos. O experimento consistiu em adicionar soluções monoelementares de Cr (VI e Zn(II em diferentes concentrações (0, 20, 50, 100, 200, 300, 400, 500 mg.L-1 ao meio de crescimento e observar a influência dos metais no crescimento micelial e germinativo do fungo Aspergillus Níger por verificação visual da expansão radial do micélio e da germinação de esporos, seguida de registro fotográfico. Os resultados mostraram que o metabolismo do fungo foi completamente inibido em concentrações acima de 500 mg Zn (II.L-1 e 150 mg Cr (VI.L-1. O ED50 (concentração de ingrediente ativo capaz de inibir 50% do crescimento micelial do fungo para os dois íons metálicos, nas condições estudadas, está na faixa entre 100 e 150 mg.L-1. Palavras-chave: metais pesados; inibição; crescimento micelial; Aspergillus niger; ED50.Many standard processes of wastewater treatment use live microorganisms, which suggests limitations on a metal toxicity to the microorganism. The experiment consisted in adding mono elementary solutions of Cr (VI and Zn (II at different concentrations (0, 20, 50, 100, 200, 300, 400, 500 mg.L-1 to the growth mean, and to observe the influence of metals on mycelial and germinative growth of the Aspergillus niger fungus, by means of visual observation of the radial expansion of the mycelius and the germination of spores, followed by photograph registration. The results showed that the metabolism of the fungus was completely inhibited at concentrations above 500 mg Zn (II.L-1 and 150 mg Cr (VI.L-1. The ED50 (concentration of active ingredient capable of inhibiting 50% of mycelial growth of the fungus for both metal ions, under the studied conditions, is in the range between 100 and 150 mg.L-1.

  19. Ocorrência de bactérias diazotróficas e fungos micorrízicos arbusculares na cultura da mandioca

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elcio Liborio Balota

    1999-07-01

    Full Text Available Este trabalho teve como objetivo avaliar a ocorrência, isolar e identificar fungos micorrízicos arbusculares associados à cultura da mandioca (Manihot esculenta. Amostras de solo rizosférico e de várias partes da planta (raízes, tubérculos, manivas e folhas de locais nos Estados do Rio de Janeiro, São Paulo e Paraná, foram inoculadas nos meios LGI-P, NFb-malato e NFb-GOC, avaliando-se o número mais provável de células e a atividade de redução de acetileno. Bactérias diazotróficas foram isoladas de todas as partes da planta, com exceção das folhas, sendo identificadas como Klebsiella sp., Azospirillum lipoferum e uma bactéria denominada "E", provavelmente pertencente ao gênero Burkholderia. A Bactéria E acumulou de 7,63 mg a 14,84 mg de N/g de C em meio semi-sólido, isento de N, e conseguiu manter a capacidade de fixação biológica de N, mesmo após uma dezena de repicagens consecutivas. A colonização micorrízica variou de 31% a 69%, e a densidade de esporos de 10 a 384 esporos/100 mL de solo, predominando as espécies Entrophospora colombiana e Acaulospora scrobiculata no Rio de Janeiro, A. scrobiculata e Scutellospora heterogama no Paraná e em Piracicaba (São Paulo e A. appendicula e S. pellucida em Campinas (São Paulo.

  20. Screening of filamentous fungi for production of xylitol from D-xylose Triagem de fungos filamentosos para produção de xilitol a partir de D-xilose

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fábio Coelho Sampaio

    2003-12-01

    Full Text Available Eleven filamentous fungi were screened for xylitol production in batch cultures. Production was generally low under the growth conditions used in this study. Penicillium crustosum presented the highest production, 0.52 g L-1 from 11.50 g L-1 of D-xylose, representing consumption of 76% of the original D-xylose.Foram avaliados onze fungos filamentosos para a produção de xilitol em batelada. A produção foi baixa nas condições de cultivo utilizadas. A máxima, 0,52 g L-1 de xilitol a partir de 11,50 g L-1 de xilose, foi obtida com Penicillium crustosum, com consumo de 76% da xilose inicial.

  1. In vitro and in situ activation of the complement system by the fungus Lacazia loboi Ativação in vitro e in situ do sistema complemento pelo fungo Lacazia loboi

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fátima Regina Vilani-Moreno

    2007-04-01

    Full Text Available Since there are no studies evaluating the participation of the complement system (CS in Jorge Lobo's disease and its activity on the fungus Lacazia loboi, we carried out the present investigation. Fungal cells with a viability index of 48% were obtained from the footpads of BALB/c mice and incubated with a pool of inactivated serum from patients with the mycosis or with sterile saline for 30 min at 37 ºC. Next, the tubes were incubated for 2 h with a pool of noninactivated AB+ serum, inactivated serum, serum diluted in EGTA-MgCl2, and serum diluted in EDTA. The viability of L. loboi was evaluated and the fungal suspension was cytocentrifuged. The slides were submitted to immunofluorescence staining using human anti-C3 antibody. The results revealed that 98% of the fungi activated the CS by the alternative pathway and no significant difference in L. loboi viability was observed after CS activation. In parallel, frozen histological sections from 11 patients were analyzed regarding the presence of C3 and IgG by immunofluorescence staining. C3 and IgG deposits were observed in the fungal wall of 100% and 91% of the lesions evaluated, respectively. The results suggest that the CS and immunoglobulins may contribute to the defense mechanisms of the host against L. loboi.Considerando que não existe nenhum estudo avaliando a participação do sistema complemento (SC na doença de Jorge Lobo e sua atividade sobre o fungo Lacazia loboi, realizamos o presente trabalho. Os fungos foram obtidos dos coxins plantares de camundongos BALB/c com índice de viabilidade de 48% e, em seguida, foram incubados com pool de soro inativado de pacientes ou com solução salina estéril (SSE por 30 min, a 37 ºC. Os tubos foram incubados, por 2 h, com pool de soro AB+ sem inativar, inativado, diluído em EGTA-MgCl2 e EDTA. A viabilidade do L. loboi foi avaliada e a suspensão fúngica foi citocentrifugada. As lâminas foram submetidas à técnica de imunofluoresc

  2. Correlação epidemiológica entre fungos queratinofílicos isolados do solo e agentes de dermatomicoses Epidemiological correlation between keratinophilic fungi isolated from soil and dermatomycosis agents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    André Ferraz Goiana Leal

    2009-08-01

    Full Text Available Este trabalho teve como objetivo isolar e identificar os fungos queratinofílicos do solo e correlacioná-los com os agentes de dermatomicose. De acordo com nossos resultados, o predomínio de Trichophyton tonsurans como agente de dermatomicose em crianças na cidade do Recife, PE deve-se provavelmente ao maior contato destas com o solo.This study had the aim of isolating and identifying keratinophilic fungi from soil and correlating them with dermatomycosis agents. According to our results, the predominance of Trichophyton tonsurans as a dermatomycosis agent among children in the city of Recife, PE, is probably due to children's greater contact with soil.

  3. Pareamento de fungos cultivados por diferentes espécies de formigas cortadeiras no Rio Grande do Sul Fusion of fungi cultivated by different species of cutter ants in Rio Grande do Sul, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Regina da Silva Borba

    2008-08-01

    Full Text Available Este trabalho teve por objetivo estudar a possível ocorrência de heterocariose por meio do pareamento de fungos provenientes de diferentes espécies de formigas cortadeiras coletados em diferentes regiões do Estado do Rio Grande do Sul, utilizando a técnica AFLP. Dez grupos de pareamentos foram realizados, sendo que em dois não ocorreu a fusão das colônias. Após ocorrerem os pareamentos, foram coletados discos de micélio da área de intersecção das colônias e das áreas extremas de pareamento, para a realização da extração do DNA e padronização. Para as reações de PCR, utilizaram-se 21 combinações de primers AFLP, dos quais foram selecionados três que apresentaram maior polimorfismo e consistência. Os dados moleculares foram transformados em matriz binária e analisados pelo programa estatístico NTSYS v. 2.1. As três combinações de primers utilizadas geraram 245 bandas polimórficas. A similaridade média dos genótipos variou de 0,03 a 0,18 em todos os pareamentos. A grande distância genética encontrada entre os organismos possivelmente ocorreu por três fatores: a possível ocorrência de heterocariose entre os fungos, a utilização de fungos oriundos de diferentes espécies de formigas e de diferentes regiões. O trabalho sugere que a heterocariose pode representar um importante papel no ciclo de vida deste fungo, uma vez que sua multiplicação é clonal e há ausência de frutificação.This research work had as objective to study the possible heterokaryosis occurrence through the fusion of mushrooms originating from nests of different species of cutter ants collected in different areas of the State of Rio Grande do Sul, using the AFLP technique. Ten fusion groups were accomplished, from which two did not perform a colony coalition. After the fusion occurred, disks of mycelium of the colonies intersection area and fusion external areas were collected, the extraction of DNA and standardization was performed

  4. Ocorrência de Passalora bougainvilleae (Muntañola) Castañeda & Braun associado à Bougainvillea spectabilis Willd. em Boa Vista, Roraima

    OpenAIRE

    Nechet, Kátia de Lima; Halfeld-Vieira,Bernardo A.

    2008-01-01

    O fungo Passalora bougainvilleae é relatado, pela primeira vez, na região de Boa Vista, Roraima, associado a manchas foliares na planta ornamental Bougainvillea spectabilis. As características do fungo são conidióforos agregados em fascículos, emergindo de um estroma subcuticular na face abaxial de lesões velhas. Os conidióforos são lisos, retos, de coloração marrom, não ramificados, maioria asseptados, medindo de 26-57µm x 4µm. Células conidiogênicas terminais de proliferação simpodial com c...

  5. Onicomicose por Scytalidium spp.: estudo clínico-epidemiológico em um hospital universitário do Rio de Janeiro, Brasil

    OpenAIRE

    CURSI, Ígor Brum; FREITAS, Letícia Bastos da Cunha Rodrigues de; NEVES, Maria de Lourdes Palermo Fernandes; SILVA, Ione Carlos da

    2011-01-01

    FUNDAMENTOS: O Scytalidium spp. é fungo filamentoso, saprobio do solo e plantas, considerado, atualmente, patógeno primário das unhas. A prevalência das infecções ungueais causadas por este fungo vem aumentando nas últimas décadas, embora ainda sejam poucos os trabalhos publicados sobre sua epidemiologia. OBJETIVO: Estudo clínico-epidemiológico dos pacientes portadores de onicomicose por Scytalidium spp. em um hospital universitário do Rio de Janeiro. MÉTODOS: Foram avaliados os dados clínico...

  6. Toxicidade de óleos essenciais de alho e casca de canela contra fungos do grupo Aspergillus flavus Evaluation of essential oils from Allium sativum and Cinnamomum zeilanicum and their toxicity against fungi of the Aspergillus flavus group

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elson de C. Viegas

    2005-12-01

    Full Text Available Diante da propriedade inibitória de óleos essenciais vegetais sobre o desenvolvimento micelial de fungos e da importância das espécies do grupo Aspergillus flavus, que apresentam potencial para síntese de aflatoxina, este trabalho teve como objetivo avaliar in vitro a toxicidade de óleos essenciais vegetais contra fungos do grupo A. flavus, isolados a partir da cultura do amendoim. Inicialmente, foi avaliada a toxicidade de oito óleos essenciais vegetais no desenvolvimento micelial de dois isolados do grupo A. flavus, em comparação ao fungicida sintético benomyl. Em seguida, foi avaliada a toxicidade dos óleos de casca de canela (Cinnamomum zeilanicum Breym. e de bulbilho de alho (Allium sativum L. contra 37 isolados do grupo A. flavus, durante 12 meses. A maior inibição do desenvolvimento micelial de A. flavus foi obtida com o emprego dos óleos essenciais de casca de canela e de bulbilho de alho, e o efeito inibitório variou com o isolado testado.Considering the inhibitory property of essential plant oils on the mycelial development of fungi, and the importance of Aspergillus flavus-like fungi which may produce aflatoxins, this research was designed to evaluate the toxicity of essential oils against fungi belonging to the group A. flavus isolated from peanut crops. The toxicity of eight essential oils against two isolates of A. Flavuslike fungi was evaluated in comparison to the synthetic fungicide benomyl. The toxicity of Cinnamomum zeilanicum Breym. and Allium sativum L. essential oils was also evaluated against 37 fungal isolates for a period of 12 months. The highest inhibition of the mycelial development of A. flavus was obtained with cinnamon and garlic essential oils. The inhibitory effect on growth was variable according to the fungal isolate.

  7. Eficiência de fungos micorrízicos arbusculares isolados de solos sob diferentes sistemas de uso na região do Alto Solimões na Amazônia Effectiveness of arbuscular mycorrhiza fungal isolated from soils under different land use systems in the Alto Solimões river region in the Amazon

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gláucia Alves e Silva

    2009-09-01

    Full Text Available Os fungos micorrízicos arbusculares (FMAs são importantes componentes dos ecossistemas terrestres onde acredita-se desempenharem papel fundamental para a sustentabilidade destes. Estes fungos sofrem influência de diversos fatores antrópicos como o uso da terra, que modificam a estrutura e diversidade das comunidades podendo comprometer suas funções ecológicas. No presente estudo avaliou-se o comportamento de FMAs isolados de solos sob diferentes sistemas de uso (SUT. Fungos isolados de amostras de solo sob diferentes SUT foram testados em caupi [Vigna unguiculata (L. Walp] em condições controladas. Verificou-se que todos os cinqüenta e um fungos avaliados colonizaram o caupi, porém de modo muito diferenciado, tal como ocorreu para os efeitos destes na absorção de fósforo e crescimento da planta. A colonização variou de 1 a 68%, e os efeitos positivos no crescimento variaram de 33 a 148%, sendo mais comuns nos fungos isolados de pastagem e roça. O aumento nos teores de fósforo foi generalizado (95% dos fungos testados, no entanto, nem todos foram capazes de promover o crescimento do Caupi. Apenas 39% dos fungos foram considerados eficientes, sendo estes isolados de quase todos os SUT. Os tratamentos fúngicos de mais alta eficiência continham as espécies: A. foveata, Glomus sp.1, Acaulospora sp.1 e mistura dos dois primeiros mais E. infrequens e A. bireticulata-like. Os resultados indicam ampla diversidade de eficiência dos FMAs do Alto Solimões. Embora a eficiência não tenha relação direta com o SUT, a proporção de isolados eficientes variou com a origem de isolamento.Arbuscular mycorrhizal fungi (AMF are important components of terrestrial ecosystems where they are believed to play a fundamental role for their sustainability. These fungi are influenced by a number of anthropic factors such as, land use which modifies the structure and diversity of fungal communities and this may compromise their ecological functions

  8. Fungos conidiais na Caatinga: espécies lignícolas Conidial fungi from Caatinga: lignicolous species

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alisson Cardoso Rodrigues da Cruz

    2009-12-01

    Full Text Available Um inventário de fungos conidiais foi realizado em seis áreas de extrema importância biológica do bioma Caatinga. Foram identificadas 41 espécies, com Dactylaria cazorlii Mercado, Gené & Guarro e Thozetella queenslandica Paulus, P.Gadek & K.D. Hyde descritas pela segunda vez para a ciência. Ellisembia bambusae (M.B. Ellis W.P. Wu, Gonytrichum mirabile Hol.-Jech., Uberispora tropicalis Bhat & W.B. Kendr. constituem novas ocorrências para o continente americano; Acrophragmis coronata Kiffer & Reisinger, Bactrodesmium linderi (J.L. Crane & Shearer M.E. Palm & E.L. Stewart, Piricauda cochinensis (Subram. M.B. Ellis e Taeniolella alta (Ehrenb. S. Hughes novas ocorrências para a América do Sul; Sporoschisma saccardoi E.W. Mason & S. Hughes e Stachylidium bicolor var. bicolor Link novas ocorrências para o Brasil e Paraceratocladium bacilliformis Calduch, Stchigel, Gene & Guarro nova citação para o semi-árido brasileiro. As novas ocorrências são descritas, ilustradas e comentadas e é incluída uma lista com as demais espécies encontradas.An inventory of the conidial fungi was carried in six areas of extreme biological importance of the Caatinga biome. Forty one species were identified: Dactylaria cazorlii Mercado, Gené & Guarro and Thozetella queenslandica Paulus, P.Gadek & K.D. Hyde are described the second time for science; Ellisembia bambusae (M.B. Ellis W.P. Wu, Gonytrichum mirabile Hol.-Jech., Uberispora tropicalis Bhat & W.B. Kendr. constitute new records for the American continent; Acrophragmis coronata Kiffer & Reisinger, Bactrodesmium linderi (J.L. Crane & Shearer M.E. Palm & E.L. Stewart, Piricauda cochinensis (Subram. M.B. Ellis, Taeniolella alta (Ehrenb. S. Hughes are new records for South America; Sporoschisma saccardoi E.W. Mason & S. Hughes and Stachylidium bicolor var. bicolor Link are new records for Brasil and Paraceratocladium bacilliformis Calduch, Stchigel, Gene & Guarro is a new record for the Brazilian semi

  9. Indução de resistência sistêmica à antracnose em feijoeiro-comum pela raça delta avirulenta de Colletotrichum lindemuthianum Induction of systemic resistance to anthracnose in common bean by the avirulent delta race of Colletotrichum lindemuthianum

    OpenAIRE

    Ângela Diniz Campos; Magdolna Maria Vozarí Hampe; Alfredo Gui Ferreira; Irajá Ferreira Antunes; Luis Antônio Suita de Castro

    2009-01-01

    O objetivo deste trabalho foi avaliar o potencial da raça delta avirulenta do fungo Colletotrichum lindemuthianum, como protetora contra raças virulentas deste fungo e quanto à capacidade de induzir resistência sistêmica em feijoeiro-comum (Phaseolus vulgaris). Quatro cultivares de feijoeiro foram avaliadas quanto às alterações nas atividades de beta 1,3 glucanase e quitinase, em dois estádios de desenvolvimento (V2 e R6), três dias após a aplicação de suspensão de esporos de C. lindemuthianu...

  10. EFEITO DO EXTRATO DE SUCUPIRA (Pterodon emarginatus Vog. SOBRE O DESENVOLVIMENTO DE FUNGOS E BACTÉRIAS FITOPATOGÊNICOS EFFECT OF THE SUCUPIRA (Pterodon emarginatus Vog. EXTRACT ON THE DEVELOPMENT OF PLANT PATHOGENIC FUNGI AND BACTERIA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcos Gomes da Cunha

    2007-09-01

    Full Text Available

    O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito do extrato de favas de sucupira (Pterodon emarginatus sobre o desenvolvimento de fungos e bactérias fitopatogênicos. Na avaliação sobre o desenvolvimento micelial de fungos, o extrato de sucupira e o fungicida tebuconazole reduziram significativamente o crescimento micelial de Alternaria brassicae, Fusarium oxysporum, Rhizoctonia solani e Ceratocystis fimbriata. Entretanto, tebuconazole foi significativamente superior ao extrato de sucupira, exceto para o fungo A. brassicae. O índice de eficácia do extrato de sucupira foi de 70%, 74%, 62% e 82% para os fungos A. brassicae, F. oxysporum, R. solani, C. fimbriata, respectivamente. A eficácia do tebuconazole foi de 93,6% para A. brassicae e 100% para os outros fungos. Na avaliação sobre o crescimento de colônias bacterianas, à medida que se aumentou à concentração do extrato de sucupira, a eficiência foi gradativamente aumentada. Contudo, houve inversão do efeito sobre o halo de inibição das colônias no tratamento com 100% do extrato. A alta viscosidade do extrato pode ter afetado negativamente a sua dispersão no meio de cultura (BDA e, conseqüentemente, produzido menor halo de inibição. O extrato de sucupira a 10% foi significativamente o melhor tratamento; entretanto, o mesmo extrato, nas concentrações de 1% e 100%, apresentou redução significativa do desenvolvimento das colônias de Clavibacter michiganensis subsp. michiganensis, Xhantomonas campestris pv. campestris e Pseudomonas syringae, em relação à testemunha.

    PALAVRAS-CHAVE: Sucupira; crescimento micelial; fungicida.

    The objective of this work is to evaluate the effect ";in vitro"; of the sucupira extract (Pterodon emarginatus on plant pathogenic fungi and bacteria. The sucupira extract was

  11. Efeito in vitro de compostos de plantas sobre o fungo Colletotrichum gloeosporioides Penz: isolado do maracujazeiro In vitro effect of plant compounds on the fungus Colletotrichum gloeosporioides Penz: isolated from passion fruit

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    André Costa da Silva

    2009-01-01

    Full Text Available Neste trabalho, objetivou-se avaliar o efeito de extratos e óleos essenciais de quatorze plantas medicinais e ou nativas, conhecidas popularmente no Norte de Minas Gerais, sobre a germinação de esporos e crescimento micelial do fungo Colletotrichum gloeosporioides. Foram utilizados no teste de inibição do crescimento micelial, os extratos aquosos de alecrim (Rosmarinus officinalis, erva baleeira (Cordia verbenacea, joá (Solanum sisymbriifolium, quebra-pedra (Phyllanthus corcovadensis, erva botão (Eclipta alba e açafrão da índia (Curcuma longa obtidos por meio do processo de infusão; óleo essencial de alecrim de vargem (Família Lamiaceae, alecrim pimenta (Lippia sidoides, alfavaca cravo (Ocimum gratissimum, lippia (Lippia citriodora, goiaba branca (Psidium guajava, capim santo (Cymbopogon citratus; óleo resina de copaíba (Copaifera langsdorffi; hidrolatos de alecrim de vargem, goiaba vermelha (Psidium guajava, lippia, capim santo, goiaba branca, alfavaca cravo; manipueira de (Manihot esculenta. Também foram testados esses mesmos hidrolatos e os óleos essenciais na germinação dos esporos do fungo. Todos os tratamentos foram realizados in vitro, cultivando-se o fungo em meio de cultura BDA acrescido de 100μL dos compostos vegetais. No teste de inibição da germinação, todos os óleos essenciais impediram a germinação do fungo. No entanto, os hidrolatos não tiveram esse efeito. No teste de crescimento micelial, os óleos essenciais de todas as plantas inibiram completamente o crescimento do fungo, exceto o óleo da goiaba branca. Os extratos aquosos, a manipueira, o óleo resina e os hidrolatos, também não foram eficientes sobre o crescimento do patógeno. Esses resultados indicam o potencial antifúngico de alguns óleos essenciais de plantas medicinais.The objective of the work was to evaluate the effect of extracts and essential oils of fourteen medicinal and or native plants popularly known in the North of Minas

  12. Gymnosporangium cornutum em Portugal Gymnosporangium cornutum in Portugal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Cristina Lopes

    2008-12-01

    Full Text Available Este trabalho teve como objectivo reunir informação relativa à espécie Gymnosporangium cornutum Arthur ex Kern e está incluído na contribuição para o inventário e conservação de fungos da Flora Portuguesa. Em Agosto de 2004, um fungo identificado como ferrugem Gymnosporangium cornutum foi encontrado em Sorbus aucuparia na Serra da Estrela (Manteigas - estrada da Torre. Em 2005 e em 2007 teleutos de G. cornutum foram identificados em Juniperus spp., na Serra da Arrábida e na Mata dos Medos/Pinhal do Rei - Almada.This work is included in the contributions to the recording and conservation of fungi from the Portuguese Flora. Studies were carried out for several years in the Plant Protection Department, of the National Agronomic Research Station. In August 2004, a rust fungus identified as Gymnosporangium cornutum was found on Sorbus aucuparia in Serra da Estrela (Manteigas - Torre road, and the disease caused by this pathogen was severe at that location. During 2005 and 2007, G. cornutum telia were identified in Juniperus spp., in Serra da Arrábida and in Mata dos Medos/Pinhal do Rei - Almada.

  13. Influência do tempo e do meio de transporte no isolamento de fungos patogênicos de biópsias de pele Effects of time delay and transportation on isolation of pathogenic fungi from skin biopsies

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rafael Taglialegna

    2008-04-01

    Full Text Available FUNDAMENTOS: Não está definido como o meio de transporte e o intervalo de tempo até o processamento final interferem no isolamento de fungos patogênicos em material obtido de biópsias de pele. OBJETIVOS: Determinar o efeito da inoculação tardia de biópsias de pele, transportadas em diferentes meios líquidos, na taxa de isolamento de fungos patogênicos. MÉTODOS: De 47 pacientes com lesões cutâneas suspeitas de micoses invasivas obtiveram-se 278 biópsias das lesões. Cada biópsia foi transportada em frascos com caldo Sabouraud com cloranfenicol ou solução salina de cloreto de sódio e inoculada em ágar Sabouraud após 48-72 horas (precoce ou após 72 horas até sete dias (tardio, constituindo-se quatro grupos de estudo. RESULTADOS: As medianas das taxas de isolamento dos quatro grupos de esporotricose foram 100% e de paracoccidioidomicose foram 84% e 50% nos grupos precoces/solução salina ou caldo Sabouraud e 64% e 84% nos grupos tardios/solução salina ou caldo Sabouraud, respectivamente (p=0,88. Baixas taxas de contaminação resultaram em especificidade diagnóstica de 82% para doenças não fúngicas. CONCLUSÕES: Biópsias de pele podem ser transportadas em caldo Sabouraud ou solução salina por períodos de até sete dias, à temperatura ambiente, sem afetar a viabilidade dos fungos.BACKGROUND: It is not clear how culture media used during transport and the interval between the biopsy procedure and final processing can affect the successful isolation of fungi. OBJECTIVE: The aim of this study was to investigate the effects of late inoculation of skin biopsies, transported in different sterile fluids, on the isolation rate of pathogenic fungi. METHODS: A total of 278 punch biopsy specimens were collected from 47 patients with suspected lesions of invasive mycoses. Each biopsy was transported in vials with Sabouraud medium with chloramphenicol or saline solution and finally inoculated on Sabouraud agar and 2

  14. The use of Sporothrix insectorum and Paecilomyces fumosoroseus against Boophilus microplus (Canestrini, 1887: in vitro assay and electronic microscopy/ Atividade anti-ixodídica dos fungos Sporothrix insectorum e Paecilomyces fumosoroseus sobre Boophilus microplus (Canestrini, 1887: bioensaios emicroscopia eletrônica de varredura

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alvimar José da Costa

    2001-08-01

    reinforces your possibility eventual control of this important tick.Em função do desenvolvimento de resistência aos diversos quimioterápicos existentes, o controle biológico vem sendo uma alternativa promissora no controle do Boophilus microplus. Neste trabalho foi avaliada a ação patogênica de Sporothrix insectorum e de Paecilomyces fumosoroseus nas diferentes fases do ciclo de vida do Boophilus microplus. Para isso, os fungos em estudo foram cultivados em meio de cultura apropriado, obtendo-se a suspensão estoque, a partir da qual foram preparadas suspensões nas concentrações de 105, 106, 107, 108, 109 conídios/mL para ambos os fungos. Os ovos e as larvas foram tratados por aspersão, e as partenóginas foram imersas nas diferentes suspensões de conídios. A patogenicidade dos fungos foi avaliada pela “performance reprodutiva” das carrapatas. O delineamento experimental foi realizado com cinco repetições para cada grupo de tratamento, nas diferentes concentrações fúngicas. Os fungos S. insectorum e P. fumosoroseus reduziram em 50,19% e 49,34%, respectivamente, a postura das partenóginas, quando utilizados na concentração de 108 conídios/mL. Em relação à eficácia, tais fungos alcançaram os valores de 82,99% e 82,93% na concentração de 108 conídios/mL e na de 109 conídios/mL, respectivamente. Sobre ovos de B. microplus, a atividade de P. fumosoroseus foi superior a de S. insectorum, reduzindo a eclodibilidade em 79,04% na concentração de 106 conídios/mL. S. insectorum reduziu tal parâmetro em apenas 37,92%, na concentração de 107 conídios/mL. No tratamento das larvas, os fungos avaliados não diferiram significativamente (P < 0,05 quanto à mortalidade das mesmas. As elétron-micrografias de varreduras, dos diferentes ínstares do B. microplus, evidenciam o poder predador dos fungos S. insectorum e P. fumosoroseus. Em face dos resultados obtidos, pode-se inferir que S. insectorum e P. fumosoroseus apresentaram ação delet

  15. Fungos associados a invertebrados marinhos: isolamento, seleção e avaliação da produção de enzimas celulolíticas.

    OpenAIRE

    Carlos Henrique Domingues da Silva

    2010-01-01

    A micologia marinha é uma ciência relativamente recente e pouco se conhece sobre a diversidade das suas comunidades. Assim, o isolamento, triagem e preservação de fungos derivados do mar podem levar à descoberta de novas tecnologias. O objetivo deste estudo foi conhecer a diversidade de fungos filamentosos derivados marinhos e selecionar isolados capazes de produzir enzimas celulolíticas. Para tanto, foram isolados seletivamente fungos filamentosos a partir de amostras de macro-organismos mar...

  16. Suscetibilidade de Oligonychus yothersi (Acari: Tetranychidae ao fungo Beauveria bassiana Susceptibility of Oligonychus yothersi (Acari: Tetranychidae to the fungus Beauveria bassiana

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renato Cassol de Oliveira

    2002-03-01

    Full Text Available A cultura da erva-mate (Ilex paraguariensis é uma importante atividade econômica no Sul do Brasil. Com o aumento de consumo nos anos oitenta, cresceram também as áreas de monocultura, gerando condições favoráveis para o aumento populacional de insetos e ácaros fitófagos, entre eles o ácaro vermelho Oligonychus yothersi. Este estudo avaliou a suscetibilidade do ácaro vermelho O. yothersi a vários isolados do fungo Beauveria bassiana. O experimento foi conduzido em Cascavel, PR. Discos foliares de erva-mate (2,2 cm² foram previamente infestados com 20 fêmeas adultas. Alíquotas de 1 mL de cada suspensão de conídios dos diferentes isolados de B. bassiana, ajustadas na concentração de 1,0x10(8 conídios mL-1 foram pulverizadas, separadamente, sobre um conjunto de 5 discos. Os discos foliares foram mantidos flutuando em água destilada, em caixas plásticas (3 cm de diâmetro, sob condições controladas. Diariamente, os ácaros mortos foram transferidos para câmara úmida, para confirmação de mortalidade causada pelo fungo. A mortalidade total variou entre 77 e 98% (6 dias após a aplicação, não permitindo diferenciar os isolados quanto à virulência (P>0,05. Já a mortalidade confirmada variou entre 19 e 75%, permitindo diferenciá-los (PThe Paraguay tea (Ilex paraguariensis crop is an important economical activity in Southern Brazil. With the increase of tea consumption in the 80s, the number of monoculture crops also increased, creating favorable conditions for the development of phytophagous insect and mite populations, such as the red mite Oligonychus yothersi. The objective of this study was to evaluate the susceptibility of the red mite O. yothersi to the several strains of the Beauveria bassiana fungus. The experiments were carried out in Cascavel, PR, Brazil. Leaf disks of Paraguay tea (2.2 cm² were previously infested with 20 adult females. Five disks were inoculated with 1 mL of each conidial suspension of B

  17. Patogenicidade de Metarhizium anisopliae var. anisopliae, Metarhizium flavoviride var. flavoviride e Beauveria bassiana a Nasutitermes coxipoensis (Isoptera: Termitidae) em cana-de-açúcar e compatibilidade com inseticidas químicos

    OpenAIRE

    2005-01-01

    Metarhizium anisopliae var. anisopliae, Metarhizium flavoviride var. flavoviride e Beauveria bassiana têm ação comprovada contra diversas espécies de insetos. Os cupins podem ser infectados por esses fungos naturalmente. Avaliou-se a ação desses fungos sobre Nasutitermes coxipoensis em laboratório e quantificou-se a produção de conídios nos insetos mortos. A compatibilidade de M. anisopliae var. anisopliae reisolado de N. coxipoensis com os inseticidas fipronil, imidaclopride e ensossulfan fo...

  18. Screening of filamentous fungi for production of enzymes of biotechnological interest Seleção de fungos filamentosos para a produção de enzimas de interesse biotecnológico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luis Henrique S. Guimarães

    2006-12-01

    Full Text Available Many enzymes produced by fungi have relevant biotechnological applications in several industrial areas. The purpose of this study was to collect and isolate filamentous fungi from soil and humus, plants and sugar cane bagasse of different regions of the São Paulo state. Forty isolates were examined for their ability to produce xylanase, glucose-oxidase, alkaline phosphatase, acid phosphatase, phytase, pectinase and amylase. Among these, twenty three isolates exhibited enzymatic potential. The xylanases produced by two of these isolates (Aspergillus caespitosus and A. phoenicis showed good potential for pulp bleaching. Among seventeen isolates, at least three produced high levels of glucose-oxidase, being Rhizopus stolonifer and A. versicolor the best producer strains. A. caespitosus, Mucor rouxii, and nine others still not identified were the best producers of phosphatases in submerged fermentation. Pectinase was best produced by IF II and C-8 belong R. stolonifer. Significant levels of amylase were produced by Paecilomyces variotii and A. phoenicis. A remarkable enzyme producer was Rhizopus microsporus var. rhizopodiformis that produced high levels of amylase, alkaline and acid phosphatases, and pectinase. Some morphological structures of this fungus were illustrated using light microscopy (LM and scanning electron microscopy (SEM. This study contributes to catalogue soil fungi isolated in the state of São Paulo, and provides additional information to support future research about the industrial potential of these microorganisms that may produce enzymes and, eventually, also secondary metabolites with anti-microbial or anti-parasitic activities.Muitas enzimas produzidas por fungos têm relevantes aplicações em diferentes áreas industriais. O objetivo desse trabalho foi coletar e isolar fungos filamentosos do solo e humus, plantas e bagaço de cana de açúcar de diferentes regiões do Estado de São Paulo. Quarenta isolados foram

  19. Destruição de ovos de Toxocara canis pelo fungo nematófago Pochonia chlamydosporia Destruction of Toxocara canis eggs by the nematophagous fungus Pochonia chlamydosporia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiza Neme Frassy

    2010-02-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: Toxocara canis é um ascarídeo parasita do intestino delgado de cães, causador da larva migrans visceral em seres humanos. MÉTODOS: Com o objetivo de demonstrar a eficácia do fungo Pochonia chlamydosporia sobre ovos de Toxocara canis em condições laboratoriais, foi montado ensaio experimental em placas de Petri com ágar-água 2%. RESULTADOS: Houve atividade ovicida de 43,8% (pINTRODUCTION: Toxocara canis is an ascarid parasite of the small intestine of dogs that causes visceral larva migrans in humans. METHODS: With the aim of demonstrating the effectiveness of the fungus Pochonia chlamydosporia on Toxocara canis eggs under laboratory conditions, a trial was set up in Petri dishes with 2% agar-water. RESULTS: There was ovicidal activity of 43.8% (p < 0.01 in the treated group in relation to the control group over the periods studied. CONCLUSIONS: The results from the present study suggest that Pochonia chlamydosporia can potentially be used as an alternative biological control for embryonated Toxocara canis eggs.

  20. Influência de fungos micorrízicos arbusculares, associada à adição de compostos fenólicos, no crescimento de mudas de maracujazeiro amarelo (Passiflora edulis f. flavicarpus

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A. C. F. Soares

    2000-12-01

    Full Text Available Realizou-se um experimento em casa de vegetação, com o objetivo de avaliar a influência da inoculação com fungos micorrízicos arbusculares (FMAs, associada à adição de formononetina (nas concentrações de 0, 5 e 10 µ mol L-1, quercetina e morina (nas concentrações de 0, 5, 10 e 15 µ mol L-1, no crescimento e teor de nutrientes de mudas de maracujazeiro, avaliadas em duas fases: produção das mudas em substrato estéril e após o transplantio para substrato não-estéril. Utilizaram-se as espécies Glomus clarum (Gc e Glomus fasciculatum (Gf e uma população nativa de FMAs (IN isolada de um plantio de maracujá no município de São João da Barra (RJ. Todos os FMAs avaliados (Gc, Gf e IN proporcionaram aumentos significativos na produção de matéria seca e no teor de nutrientes na fase de produção de mudas e após o transplantio para substrato não-estéril. A aplicação dos compostos fenólicos teve efeito apenas na fase após o transplantio, destacando-se as plantas não inoculadas que mostraram efeito benéfico da aplicação dos flavonóis quercetina e morina e do isoflavonóide formononetina (apenas na concentração 5 µ mol L-1 na colonização radicular pelos FMAs, indicando que tais compostos estimularam a população nativa de FMAs presente no substrato. Nas plantas inoculadas, não se verificou efeito dos compostos na colonização radicular pelo fungo, mas observou-se efeito positivo em algumas das variáveis analisadas.

  1. Production of xylooligosaccharides from enzymatic hydrolysis of xylan by white-rot fungi Pleurotus = Produção de xilooligossacarídeos pela hidrólise enzimática de xylana por fungos Pleurotus

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristiano Ragagnin de Menezes

    2010-01-01

    Full Text Available Hemicellulose consists of non-cellulosic polysaccharides, with xylans and mannans as their main examples. In nature, xylan can be first degraded to xylooligosaccharides and finally to xylose by certain microorganisms. White-rot fungi basidiomycetes Pleurotus sp. BCCB068 and Pleurotus tailandia were used to degrade oat-spelts xylan under submerged fermentation for a period of 40 days. The study obtained activities of endo-1,4-β-xylanase and β-xylosidase and determination of xylan products by degradation. The fungi reached significant levels of xylan degradation by Pleurotus sp. BCCB068 (75.1% and P. tailandia (73.4%, following formations of xylooligosaccharides and sugar monomers. These Pleurotus strains proved to be a feasible alternative for biotechnological processes related to degradation of hemicellulose sources. A hemicelulose é um polissacarídeo não-celulósico, tendo como exemplos principais as xilanas e mananas. Na natureza, as xilanas podem ser degradadas por microrganismos, primeiramente a xilooligossacarídeos e finalmente a xilose. Fungos basidiomicetos Pleurotus sp. BCCB068 e Pleurotus tailandia foram utilizados para degradar xilana de aveia em fermentação submersa durante o período de 40 dias. Foram obtidas as atividades de endo-1,4-β-xilanase e β-xilosidase e a determinação dos produtos de degradação da xilana. Os fungos atingiram níveis significativos de degradação da xilana porPleurotus sp. BCCB068 (75.1% and P. tailandia (73.4%, seguido da formação de xilooligossacarídeos e monômeros de açúcar. Essas cepas de Pleurotus demonstraram ser uma alternativa viável para os processos biotecnológicos relacionados à degradação de fontes dehemicelulose.

  2. Avaliação de efeito antifúngico de óleos essenciais por encapsulamento em ciclodextrina : potencial de aplicação e efeitos de tratamento em pintura a óleo

    OpenAIRE

    Quinta, Maria Augusta de Magalhães Sarmento Albuquerque da

    2016-01-01

    A biodeterioração é um dos grandes factores de degradação de obras de arte, em particular por microorganismos como fungos filamentosos em variadas técnicas de pintura, incluindo pintura a óleo sobre tela. Esta dissertação teve como objectivo a realização de testes in vitro de inibição de crescimento de estirpes de fungos dos géneros Aspergillus sp., Penicillium sp. e Alternaria sp, através da volatilização de compostos antifúngicos de óleos essenciais de alfazema, sálvia e m...

  3. Efeito do metalaxil na resposta do sistema antioxidante de Solanum nigrum L. : estudo em células em suspensão e em plantas intactas

    OpenAIRE

    Sousa, Tânia Alexandra Machado Morais de

    2012-01-01

    Dissertação de mestrado em Fisiologia Molecular de Plantas O Ridomil é um fungicida correntemente utilizado na prática agrícola sendo efetivo no tratamento de fungos pertencentes à ordem Peronosporales. Sendo este fungicida estável face a amplas faixas de pH, luminosidade e temperatura é indispensável o desenvolvimento de estratégias de remediação para este composto, de modo a assegurar uma produtividade agrícola sustentável com o menor impacto ambiental possível. Considerando ...

  4. EFEITOS DA TEMPERATURA DE INCUBAÇÃO SOBRE O FUNGO colletotrichum gossypii South. var. cephalosporioides EFFECT OF TEMPERATURE INCUBATION ON THE FUNGUS Colletotrichum gossypi SOUTH. Var. cephalosporioides COSTA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Yvo de Carvalho

    2007-09-01

    Full Text Available

    Estudou-se o efeito da temperatura de incubação sobre o crescimento vegetativo, esporulação e morfologia da colônia do fungo Colletotrichum gossypii South. var. cephalosporioides Costa, em substrato de batata + dextrose + agar, pH 5,6. O delineamento experimental usado foi o de blocos casualizados e as temperaturas variaram de 12 a 33°C, a intervalos de 3° C. Concluiu-se que a temperatura de incubação afeta notavelmente o crescimento vegetativo, a esporulação e a morfologia da colônia do fungo. Temperaturas acima da faixa ótima provocaram modificações mais acentuadas sobre o crescimento miceliano, esporulação e aspecto morfológico, do que temperaturas baixas. Conídios produzidos em temperaturas extremas, 12 a 33°C, mostraram-se mais curtos que os dos demais tratamentos. A incubação à temperatura de 27°C é a mais recomendável para produção de inóculos em quantidade.

    In this work, the effect of temperature of incubation on the vegetative growth, sporulation and morphology of the colony of the fungus colletotrichum gossypii South. var. cephalosporioides Costa in substrate containing potato + dextrose + agar pH 5.6, was studied. The experimental design used was that of randomized blocks, with temperatures varying from 12 to 33 degrees centigrades, at intervals of 3°C. It was concluded that the temperature of incubation notably affects the vegetative growth, sporulation and morphology of the colony of this fungus. Temperatures above the optimum range caused greater changes in mycelial, sporulation an morphology of the colony than temperatures below this range. Conidia produced at l2 and 33°C were shown to be shorter than those in other treatments. The temperature of incubation recommended for inocule production was 27°C.

  5. Caracterização da microbiota por fungos filamentosos no tegumento hígido de bovinos de corte Characterization of filamentous fungal flora from the integument of healthy cattle

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Christiane Duarte Pombo do Amaral

    2011-12-01

    Full Text Available O tegumento de bovinos pode albergar uma grande diversidade de fungos filamentosos, potencialmente capazes de causar dermatoses, incluindo fungos do grupo dos dermatófitos. O presente estudo teve por objetivos caracterizar a microbiota de fungos filamentosos do tegumento hígido de bovinos de corte, verificar a presença de dermatófitos como parte integrante da microbiota, assim como avaliar a ocorrência de dermatófitos no solo dos estabelecimentos estudados. Durante o período de um ano, 56 bovinos sadios de quatro propriedades da fronteira Oeste do RS foram submetidos a coletas mensais de pelos e raspado cutâneo. No mesmo período, foram obtidas amostras de solo para pesquisa de dermatófitos. As análises dos resultados indicaram uma microbiota de fungos filamentosos classificada em 30 gêneros, dos quais os mais frequentes foram (nesta ordem: Nigrospora, Fusarium, Curvularia, Alternaria, Epicoccum, Paecilomyces e Trichoderma. Nas amostras de pelame, obteve-se o isolamento de Trichophyton mentagrophytes (0,4%, Microsporum gypseum (0,3% e Trichophyton verrucosum (0,1%. M. gypseum foi o dermatófito mais frequentemente isolado do solo. Os resultados obtidos evidenciaram que a microbiota fúngica do tegumento hígido de bovinos de corte comporta-se de maneira transitória e que bovinos sadios não atuam como portadores assintomáticos de T. verrucosum, sugerindo que esta espécie de dermatófito é não residente no tegumento dos animais.The tegument of cattle may harbor a great diversity of filamentous fungi that can potentially cause skin diseases, including fungi belonging to the dermatophyte group. This study aimed to characterize the population of filamentous fungi from a healthy coat of cattle, checking for dermatophytes as part of the microbiota, as well as evaluating the presence of dermatophytes in the soil occupied by the animals. During the period of one year, 56 healthy cattle in four properties in the western boundary of the

  6. Aplicação de formulação do fungo predador de nematóides Monacrosporium thaumasium (Drechsler, 1937 no controle de nematóides de bovinos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alves P.H.

    2003-01-01

    Full Text Available A viabilidade de uma formulação do fungo Monacrosporium thaumasium (Drechsler, 1937 foi avaliada no controle biológico de nematóides parasitos gastrintestinais de bovinos. Dois grupos de sete bezerras cada, mestiças Holandês ´ Zebu, de quatro a seis meses de idade, foram colocados em pastagens de Cynodon dactilon. No grupo A, cada animal recebeu 20g de pellets (formulação granulada de M. thaumasium via oral, duas vezes por semana, durante quatro meses, com início na estação chuvosa (outubro, 2001. No grupo B (controle, as bezerras não receberam nenhum tratamento. As contagens de ovos por grama de fezes (OPG e das larvas infectantes encontradas na pastagem do grupo B foram significativamente maiores (P<0,05 do que as do grupo A e a diferença entre o OPG dos animais dos grupos A e B, no final do experimento, foi de 88,8%. O gênero Cooperia foi o mais prevalente em ambas as pastagens. Conclui-se que a aplicação de pellets de M. thaumasium na dosagem e periodicidade de aplicação usadas foi eficiente no controle de nematóides parasitos gastrintestinais de bovinos.

  7. Ocorrência de Passalora bougainvilleae (Muntañola) Castañeda & Braun associado à Bougainvillea spectabilis Willd. em Boa Vista, Roraima Repot of Passalora bougainvilleae (Muntañola) Castañeda & Braun associated with Bougainvillea spectablis Willd. in Boa Vista, Roraima

    OpenAIRE

    Kátia de Lima Nechet; Halfeld-Vieira,Bernardo A.

    2008-01-01

    O fungo Passalora bougainvilleae é relatado, pela primeira vez, na região de Boa Vista, Roraima, associado a manchas foliares na planta ornamental Bougainvillea spectabilis. As características do fungo são conidióforos agregados em fascículos, emergindo de um estroma subcuticular na face abaxial de lesões velhas. Os conidióforos são lisos, retos, de coloração marrom, não ramificados, maioria asseptados, medindo de 26-57µm x 4µm. Células conidiogênicas terminais de proliferação simpodial com c...

  8. Alterações morfológicas no sistema radicular do milho induzidas por fungos micorrízicos e fósforo Morphological alterations on root system of maize induced by mycorrhizal fungi and phosphorus

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Wellington Bressan

    2002-04-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho, conduzido em casa de vegetação, foi avaliar os efeitos da inoculação de fungos micorrízicos arbusculares (Glomus etunicatum e Glomus clarum e da adição de níveis de P (0, 50, 100 e 200 mg/kg de solo sobre a morfologia do sistema radicular do milho (Zea mays L., cultivar BR 201, e a concentração de P na planta, em duas épocas de colheita (18 e 104 dias após semeadura em solo Latossolo Vermelho-Escuro distrófico desinfestado com Bromex. O experimento foi realizado na Embrapa-Centro Nacional de Pesquisa de Milho e Sorgo, Sete Lagoas, MG. A inoculação de fungos micorrízicos aumentou o peso das raízes secas, o número de raízes laterais primárias e secundárias, e o teor de P na planta, porém reduziu a relação peso das raízes secas/peso da parte aérea seca e o número de pêlos radiculares. Esses efeitos foram dependentes das doses de P aplicadas ao solo e da espécie de fungo micorrízico. O peso das raízes secas das plantas micorrizadas mostrou correlação significativa (PThe objective of this research, carried out under greenhouse conditions was to evaluate the effect of mycorrhizal fungi (Glomus etunicatum and Glomus clarum inoculation and P levels (0, 50, 100 e 200 mg/kg of soil on maize (Zea mays L. root system morphology, cultivar BR 201, and P plant concentration in two harvest period (18 and 104 days after sowing in disinfested dystrophic Dark-Red Latosol. The experiment was carried out under greenhouse conditions at Embrapa-Centro Nacional de Pesquisa de Milho e Sorgo, in Sete Lagoas, Minas Gerais, Brazil. Inoculation with mycorrhizal fungi increased root dry weight, number of first and second order lateral roots and P concentration in the plant, but decreased root/shoot dry weight ratio and number of root hairs. These effects were affected by P concentration in the soil and by mycorrhizal fungi species. Root dry weight of inoculated plants showed significative (P<=0.05 correlation to

  9. Riqueza de fungos anamorfos na serapilheira de Manilkara maxima, Parinari alvimii e Harleyodendron unifoliolatum na Mata Atlântica do Sul da Bahia Richness of anamorphic fungi on the litter of Manilkara maxima, Parinari alvimii and Harleyodendron unifoliolatum in the Atlantic Forest of southern Bahia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Dilze Maria Argôlo Magalhães

    2011-12-01

    Full Text Available A maioria dos fungos tem a função de decompor moléculas orgânicas complexas possibilitando o aporte de nutrientes para o solo pelo processo de ciclagem e fertilização. Este estudo objetiva analisar a riqueza, freqüência, constância e a similaridade entre os fungos decompositores da serapilheira de três plantas endêmicas da Mata Atlântica do Sul da Bahia e em três áreas. Folhas em decomposição foram coletadas no período de dezembro/2007 a junho/2008, lavadas, colocadas em câmaras-úmidas e incubadas na temperatura ambiente. Obteve-se uma riqueza total de 52 espécies e 39 gêneros. A riqueza obtida nas áreas foi: Parque Estadual Serra do Conduru-PESC (78,8%, Ecoparque (71,2% e Reserva Capitão (61,5%. Em relação às plantas, Harleyodendron unifoliolatum Cowan apresentou uma riqueza de 75,0%, Manilkara maxima Pennington 57,7% e Parinari alvimii Prance 42,3%. Houve similaridade fúngica entre as plantas e entre as áreas. A maioria dos fungos apresentou frequência esporádica e constância acidental. Este estudo, pioneiro na Mata Atlântica do Sul da Bahia e em relação às plantas estudadas, contribui para o conhecimento dos fungos anamorfos existentes neste bioma, riquíssimo em biodiversidade.Most fungi have the function of breaking down complex organic molecules, enabling the supply of nutrients to the soil through the process of cycling and fertilization. This paper aimed to analyze the richness, frequency, constancy and similarity among decomposing fungi on the litter of three endemic trees in three areas of the Atlantic Forest in southern Bahia. Decaying leaves were collected from December 2007 to June 2008, washed, placed in wet chambers and incubated at room temperature. Fifty-two fungal species belonging to 39 genera were found. The richness of each area was the following: Parque Estadual Serra do Conduru (78,8%, Ecoparque (71.2% and Reserva Capitão (61.5%. In relation to plants, the richness of Harleyodendron

  10. Técnicas modernas em espectrometria de massas aplicadas no isolamento de bioherbicidas produzidos por microrganismos

    OpenAIRE

    Tânia Petta

    2008-01-01

    Neste trabalho foi empregada uma metodologia rápida e eficiente para a identificação de metabólitos fitotóxicos produzidos por microrganismos. O isolamento do composto bioativo foi guiado através de bioensaio com Lemna minor. A espectrometria de massas, em especial o LC-MS, foi utilizada para acelerar o processo de identificação do composto ativo. As bactérias estudadas eram simbióticas do fungo fitopatogênico Sclerotium rolfsii. Seus respectivos extratos orgânicos obtidos de culturas em meio...

  11. Macrófitas aquáticas em lagoas costeiras de Santa Catarina

    OpenAIRE

    Ferreira, João Paulo Ramos

    2015-01-01

    Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Biologia de Fungos, Algas e Plantas, Florianópolis, 2015 As macrófitas aquáticas são reconhecidamente apontadas como elementos de suma importância para a manutenção da dinâmica limnológica e da biodiversidade em ecossistemas de água doce. Embora esse grupo de organismos apresente relativamente poucos trabalhos cujos objetivos são inerentes ao conhecimento de sua biod...

  12. Biodegradation of polycyclic aromatic hydrocarbons by soil fungi Biodegradação de hidrocarbonetos aromáticos policíclicos por fungos do solo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Andrea R. Clemente

    2001-12-01

    Full Text Available Thirteen deuteromycete ligninolytic fungal strains were grown in media containing polycyclic aromatic hydrocarbons (PAHs, for 6 and 10 days. The PAHs were added directly with the inocula or on the third day of cultivation. A selection of the best strains was carried out based on the levels of degradation of the PAHs and also on the ligninolytic activities produced by the fungi. The selected strains were cultivated for 3, 6, 9, 12 and 15 days in the PAHs-containing media. Degradation of PAHs, as measured by reversed-phase HPLC on a C18 column, varied with each strain as did the ligninolytic enzymes present in the culture supernatants. Highest degradation of naphthalene (69% was produced by the strain 984, having Mn-peroxidase activity, followed by strain 870 (17% showing lignin peroxidase and laccase activities. The greatest degradation of phenanthrene (12% was observed with strain 870 containing Mn-peroxidase and laccase activities. When anthracene was used, the strain 710 produced a good level of degradation (65%.Treze fungos deuteromicetos ligninolíticos foram cultivados em meio contendo hidrocarbonetos aromáticos policíclicos (HAPs por 6 e 10 dias. Os HAPs foram adicionados diretamente com o inóculo ou no terceiro dia de cultivo. A seleção das melhores linhagens foi baseada nos níveis de degradação dos HAPs e também nas atividades ligninolíticas produzidas pelas linhagens fúngicas. Essas melhores linhagens foram então cultivadas por 3, 6, 9, 12 e 15 dias. A degradação dos HAPs foi monitorada por cromatografia líquida de alta eficiência (CLAE em uma coluna C18, variando para cada linhagem assim como as enzimas ligninolíticas presentes nos sobrenadantes das culturas. Alta degradação de naftaleno (69% foi obtida pela linhagem 984, tendo atividade de Mn-peroxidase, seguida pela linhagem 870 (17% a qual apresentou atividades de lignina peroxidase e lacase. A melhor porcentagem de degradação de fenantreno (12% foi observada

  13. Espécies de Pisolitus sp. na produção de mudas de Eucalyptus grandis Hill ex Maiden em solo arenoso.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Robson Andreazza

    2010-08-01

    Full Text Available O objetivo do trabalho foi avaliar a ação de isolados de fungos ectomicorrízicos nativos de São Francisco de Assis, na produção de mudas de Eucalyptus grandis Hill ex Maiden, em solo arenoso, na presença de dois níveis de fósforo. O experimento foi instalado em casa de vegetação num bifatorial (4 x 2 x 3, três tratamentos de fungos ectomicorrízicos ( FSE- S, F1-RS e Pt Silv.1 e uma testemunha, dois níveis de fósforo (natural ou existente no solo (8 mg.kg-1 e adição de 30 mg.kg-1 de fósforo, em três repetições. Avaliaram-se a massa verde da parte aérea e radicial, massa seca da parte aérea, altura de planta, diâmetro do colo, comprimento e área superficial específica radicial, colonização micorrízica e teores de nitrogênio, fósforo e potássio. A adição de fungos ectomicorrízicos nativos na produção de mudas apresentou resultados melhores do que os demais tratamentos aplicados, em solo arenoso.

  14. Morphological and molecular differentiation of the pectinase producing fungi Penicillium expansum and Penicillium griseoroseum Diferenciação morfológica e molecular de fungos produtores de pectinases Penicillium expansum e Penicillium griseoroseum

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patrícia Gomes Cardoso

    2007-03-01

    Full Text Available Two species from the genus Penicillium, Penicillium expansum and P. griseoroseum (Brasilian isolates were characterized morphologic and molecularlly. Morphological variability was detected among isolates in regard to colony morphology and to conidia coloration. The molecular characterization was based on the RAPD markers, telomeric fingerprinting and ITS sequencing. A total of 78 RAPD primers were used and 8 presented differences in band patterns with 54% of the amplified polymorphic fragments. The monomorphic fragments of 600 bp (P. expansum and 594 bp (P. griseoroseum were amplified. The only internal transcribed spacer region variation detected between the two species was the additional six initial nucleotides. The analysis by telomeric fingerprinting showed polymorphism between both species and the chromosome minimal numbers estimated were three. The polymorphism observed in the organization of the subtelomeric region in the genome of two Penicillium species within the high homogeneous Penicillium subgenus is for the first time reported and perhaps can be employed in future phylogenetic studies.Penicillium expansum e P. griseoroseum foram caracterizados morfológica e molecularmente. Variações na morfologia das colônias e coloração dos conídeos foram observadas entre os isolados. A caracterização molecular foi baseada em marcadores RAPD, sequenciamento da região do espaçador interno transcrito do DNA ribossomal e "fingerprinting" telomérico. Foi usado um total de 78 primers RAPD, sendo que 8 apresentaram 54% de fragmentos de DNA polimórficos. Os produtos da amplificação da região ITS de P. expansum e P. griseoroseum foram de 600 e 594 pb, respectivamente. Não foi detectada nenhuma variação na seqüência de nucleotídeos dessa região, comparando-se P. expansum e P. griseoroseum, exceto em relação aos seis nucleotídeos iniciais adicionais. Observou-se a ocorrência de polimorfismo na organização da região subtelom

  15. Fungi Associated with Capororoca (Myrsine ferruginea Myrsinaceae Fruits and Seeds Fungos Associados aos Frutos e Sementes de Capororoca (Myrsine ferruginea Myrsinaceae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Suelen Santos Rego

    2010-02-01

    Full Text Available The objectives of this study were to identify the fungi associated with capororoca (Myrsine ferruginea Spreng fruits and seeds from different lots and check the incidence of fungi between green and ripe fruits and
    seeds from these fruits. For fungi detection Blotter test (BT method was utilized, being 400 fruits and 400 seeds each sample, and incubated at 20 ºC ±1 ºC, 12 h dark light/12 h complete dark, for seven days, followed by the evaluation of the fungi incidence (%. It was possible to verify the transmission of the fungus Alternaria sp., Cladosporium sp., Colletotrichum sp., Fusarium sp., Macrophomina sp. and Pestalotia sp. fruit for seeds. Evaluated in three lots, Pestalotia sp. had the highest percentage of incidence in the seeds. The fungal contamination in fruits were higher than in seeds, indicating that the seed treatment reduces the appearance of fungi. There were differences in the occurrence of fungi among the lots evaluated, and the lot from Colombo County had higher incidence of fungi.

    doi: 10.4336/2009.pfb.58.87

    Os objetivos neste trabalho foram identificar os fungos associados aos frutos e sementes de capororoca (Myrsine ferruginea Spreng obtidos de diferentes lotes e verificar a incidência de fungos entre frutos verdes e maduros e nas sementes obtidas destes frutos. Para a detecção de fungos utilizou-se o método de papel-filtro (PF, sendo 400 frutos e 400 sementes para cada amostra, incubadas sob 12 horas luz negra/12 horas escuro, na temperatura de 20 ºC ± 1 ºC durante sete dias, avaliando-se a incidência (% de fungos. Pôde-se verificar a possível transmissão dos fungos Alternaria sp., Cladosporium sp., Colletotrichum sp., Fusarium sp., Macrophomina sp. e Pestalotia sp. dos frutos para as sementes. Nos três lotes avaliados, Pestalotia sp. apresentou a maior percentagem de incidência nas sementes. A contaminação fúngica nos frutos foi maior que nas sementes, indicando que o

  16. IN VITRO CONTROL OF INFECTIVE CYATHOSTOMES LARVAE (NEMATODE: CYATHOSTOMINAE FROM EQUINES USING PREDACIOUS FUNGUS Duddingtonia flagrans, Monacrosporium thaumasium e Arthrobotrys robusta CONTROLE IN VITRO DE LARVAS INFECTANTES DE CIATOSTOMÍNEOS (NEMATODA: CYATHOSTOMINAE DE EQUINOS UTILIZANDO OS FUNGOS PREDADORES Duddingtonia flagrans, Monacrosporium thaumasium e Arthrobotrys robusta

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    André Ricardo Silva

    2009-09-01

    Full Text Available The predatory capacity of three isolates of the nematodes predacious fungi Duddingtonia flagrans (AC001, Monacrosporium thaumasium and Arthrobotrys robusta on infective larvae of cyathostomes was evaluated in laboratorial conditions in medium water-agar 2% (WA 2%. The isolates AC001, NF34 and I31 had presented significant reduction (p<0.01 de 97.5%, 72.5% e 85% respectively in the average of infective larvae of ciathostomes recovered of the medium WA2% in the end of five days. The results of this assay evidence that these isolates could be used in the biological control of ciathostomes of equines.

    KEY WORDS:  Arthrobotrys robusta, Cyathostominae, equine, Duddingtonia flagrans, Monacrosporium thaumasium, Nematophagous fungi.

    A capacidade predatória de três isolados de fungos predadores de nematoides Duddingtonia flagrans (AC001, Monacrosporium thaumasium (NF34 e Arthrobotrys robusta (I31 sobre larvas infectantes de ciatostomíneos foi avaliada em condições laboratoriais em ensaio experimental em meio ágar-água 2% (AA 2%. Os isolados AC001, NF34 e I31 apresentaram redução significativa (p<0,01 de 97,5%, 72,5% e 85%, respectivamente, na média de larvas infectantes de ciatostomíneos recuperadas do meio AA2% ao final de sete dias. Os resultados deste ensaio evidenciam que esses isolados poderão ser utilizados no controle biológico de ciatostomíneos de equinos.
     
    PALAVRAS-CHAVES: Arthrobotrys robusta, ciatostomíneos, equinos, Duddingtonia flagrans, fungos nematófagos, Monacrosporium thaumasium.

  17. Fungos micorrízicos arbusculares no crescimento e nutrição de mudas de jenipapeiro Arbuscular mycorrhizal fungi in the growth and nutrition of jenipapo fruit tree seedlings

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Cristina Fermino Soares

    2012-03-01

    Full Text Available Alguns trabalhos têm demonstrado que a inoculação de fungos micorrízicos arbusculares (FMA na produção de mudas apresenta grande potencial para o desenvolvimento de um cultivo racional e eficiente de mudas de fruteiras. O objetivo neste trabalho foi avaliar a inoculação de fungos micorrízicos arbusculares no crescimento e nutrição de mudas de jenipapeiro (Genipa americana L.. O experimento foi conduzido em blocos casualizados, avaliando-se seis espécies fúngicas: Glomus clarum, Glomus etunicatum, Glomus manihots, Gigaspora albida, Acaulospora scrobiculata e Scutellospora heterogama, com dez repetições. As espécies A. scrobiculata, G. clarum e G. etunicatum colonizaram mais intensamente o sistema radicular e promoveram melhor desenvolvimento das mudas de jenipapeiro quando comparados a G. manihots e G. albida. O fungo G. etunicatum destacou-se, promovendo incrementos na altura (44,4%; no diâmetro do caule (63,6%; na produção de biomassa seca na parte aérea (288,8%, nas raízes (248,7% e na área foliar (315,7% em comparação às mudas controle. Com exceção de Mn e Fe, mudas inoculadas apresentaram teores de nutrientes superior às mudas controle. As mudas que receberam inóculo de S. heterogama apresentaram crescimento e teor de nutrientes similares aos das mudas controle. A colonização micorrízica correlacionou-se positivamente com os teores de N, P, K, Mg e Cu e negativamente com os teores de Fe e Mn nas folhas das mudas de jenipapeiro. O jenipapeiro é uma planta responsiva aos FMA e a inoculação beneficiou o crescimento e a nutrição das mudas.Some studies have shown that inoculation with arbuscular mycorrhizal fungi (AMF in seedling production has great potential for developing a rational and efficient cultivation of fruit tree seedlings. The objective of this study was to evaluate the effect of inoculation of arbuscular mycorrhizal fungi on growth and nutrition of seedlings of genipap (Genipa americana L.. The

  18. FUNGOS MICORRÍZICOSARBUSCULARES EMÁREAS NO ENTORNO DO PARQUE ESTADUAL DA SERRA DO MAR EM UBATUBA (SP

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristiane Figueira da Silva

    2006-01-01

    Full Text Available This work was carried out in order to evaluate the mycorrhizal fungi in four surrounding areas of Parque Estadual da Serra do Mar, in Ubatuba (SP, with the following covering vegetation: banana plantation interposed at forest, cassava plantation, capoeira area and secondary forest. Soil samples were collected in July 2003 and March 2004. Regarding arbuscular mycorrhizal fungi (AMFs, the crop areas of banana and cassava showed higher spore number than forest and capoeira areas in the winter. In the summer, only cassava area showed high spore production. The rainy season provided a higher number of AMFs species compared to the dry season, in both forest and banana areas. However, regarding the occurrence of different AMFs species there was no clear pattern as to wet or dry season.

  19. Fungos aeróbios no intestino grosso de borregos e de ovelhas criados em pastagens tropicais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    C.E.S. Freitas

    2012-02-01

    Full Text Available Fungi populations were evaluated in large intestine from sheep raised in the North of Minas Gerais, Brazil. The samples were from 39 Santa Inês crossbred ewes and 30 lambs raised on Tanzania grass (Panicum maximum cv. Tanzania, both supplemented with mineral mixtures. The clinical specimens were directly collected from rectal ampoule with sterile swabs. The development of fungal mycelium was observed in all lamb samples and positive cultures were observed in 34 ewe specimens (87.2%. After microculture of 40 colonies from lambs, 34 isolates of the genus Aspergillus, three of Paecilomyces spp., one Acremonium sp., and one Trichoderma sp. were identified. Out of the 39 isolates from ewes, 15 Paecilomyces spp., 11 Aspergillus spp., 11 Malbranchea spp., and one Onychocola sp. were identified. The results showed the predominance of the genus Aspergillus in the lambs, while the genus Paecilomyces, Malbranchea, and Aspergillus were predominant, in ewes.

  20. ESTRESSE SALINO EM PLANTAS DE Spondias tuberosa Arruda (Câmara COLONIZADAS COM FUNGOS MICORRÍZICOS ARBUSCULARES

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Magnólia Góes Silva

    2009-01-01

    Full Text Available The agriculture soil in the semi-arid Brazilian Northeast, it finds, in many areas, degraded by the utilization of not sustainable practice. This work proposed to evaluate the effect of increasing NaCl levels in the soils under Spondias tuberosa plants colonized with arbuscular mycorrhizal fungi. Under greenhouse conditions, Spondias seeds were going placed to germinate in trays with mycorrhizal soil and in trays with soil autoclavado. The germination occurred 15 days after the planting and in the 30th cultivation day, the plants were going transferred to plastic vases with capacity for 2 L of nutritious solution with the next NaCl doses: 0, 100 and 150 mM. They were monitored the transpiration rate and stomatal conductance until the plants introduced toxicity symptoms to the Na+. After the saline stress suspending, they were evaluated the N, P, K, S, Ca, Mg, Na and Cl contents in the drought matter of the aerial part (stem + leaves and root. It was going observed the reduction in radicular phytomass and aerial in NaCl first-level regarding the control. Stomatal conductance in plants not micorrizadas was equally reduced. In the root, it was observed significant reductions in Ca, K and Mg contents for the mycorrhizal plants and not mycorrhizal. In the leaves, the increase of NaCl dose induced a substantial reduction in the Ca, Mg and N contents and probably it was caused the reduction in the mass drought production.

  1. Diversidade de fungos micorrízicos arbusculares em pomar orgânico no semiárido cearense

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Belchior Luiz Dantas

    2015-08-01

    Full Text Available The arbuscular mycorrhizal fungi (AMF are key-organisms for maintenance of plant biodiversity in agroecosystems. There is an increasing interest in changes of the microbiological properties in the rhizosphere by its practical and environmental relevance. This research aimed to evaluate the occurrence of AMF in the establishment of fruits under organic management, and to compare them with an area of ​​native vegetation in semiarid Ceará. Soil samples were collected from 0-10cm layer in June, September and December 2010 in different areas. Number of spores, and diversity of AMF were quantified. The dominance of Glomus spores was confirmed in all the areas

  2. Aplicação de biofungicidas no controle do fungo Aspergillus flavus L. em amendoim (Arachis hypogaea)

    OpenAIRE

    Gorayeb, Teresa Cristina Castilho [UNESP

    2015-01-01

    This study aims to evaluate the technical feasibility of the application of biofungicides extracted from plants in the processing of peanut (Arachis hypogaea L.), with the objective of reducing infestation by fungus Aspergillus flavus L., and consequent contamination by aflatoxin, a chemical hazard. Firstly, we studied the fungal and aflatoxin contamination for the 2011/12, 2012/13, and 2013/14 crops, during the Runner IAC 886 peanut pods' harvesting and post-harvesting stages, in the region ...

  3. Interferência da metodologia nos resultados de bioensaios de seleção de fungos entomopatogênicos para o controle de insetos Interference of bioassay methods on the results of entomopathogenic fungi selection for insect control

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patricia Helena Santoro

    2007-04-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar a interferência dos métodos de bioensaios nos resultados de seleção de fungos entomopatogênicos, com a utilização de quatro isolados de Beauveria bassiana e adultos de Alphitobius diaperinus. Quanto à forma de inoculação, foram testados os seguintes métodos: imersão do inseto em suspensão de conídios; pulverização da suspensão sobre insetos; e tratamento de superfície com a suspensão em oito concentrações. Para avaliar a interferência do tempo de imersão sobre a mortalidade, os insetos foram colocados em suspensão de conídios por 1, 10, 20, 30, 40, 50 e 60 segundos. Conídios produzidos em arroz, insetos e meio sintético foram utilizados para avaliar a influência do substrato na virulência dos isolados. Os isolados UNIOESTE 4 e CG 152 foram os mais virulentos pelos métodos imersão e pulverização, respectivamente; em tratamento de superfície, a mortalidade foi baixa para todos os isolados. Observou-se que a mortalidade dos insetos é proporcional ao tempo em que ficam imersos, com tendência a se estabilizar após 40 segundos. Os isolados CG 71 e CG 152, produzidos sobre insetos, foram menos virulentos. Os métodos utilizados podem influenciar os resultados de bioensaios de seleção de fungos para o controle de insetos.The objective of this work was to evaluate the interference of bioassay methods on the entomopathogenic fungi selection, using four Beauveria bassiana isolates and Alphitobius diaperinus adults. Regarding the inoculation form on insect mortality, the following methods were tested: insects immersion in a conidia suspension; spraying of a suspension over the insects; and surface treatment with eight concentrations. In order to evaluate the interference of immersion time on mortality, insects were immersed in a fungal suspension for 1, 10, 20, 30, 40, 50, and 60 seconds. Conidia produced on rice, insects, and synthetic medium were used to evaluate the influence of

  4. Perfil enzimático e degradação lignocelulósica durante o crescimento vegetativo de Agaricus brasiliensis em diferentes substratos

    OpenAIRE

    Brum, Alexandre Antunes

    2005-01-01

    Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina. Programa de Pós-graduação em Biotecnologia Fungos como os basidiomicetes podem crescer e frutificar em substratos lignocelulósicos em função de sua capacidade de produzir enzimas hidrolíticas e oxidativas e as liberar para o meio extracelular. Resultado disso é a degradação da lignocelulose e correspondente produção de biomassa vegetativa. O monitoramento da degradação pode fornecer importantes informações sobre a eficiência ...

  5. Fungos micorrízicos e fósforo, no crescimento, nos teores de nutrientes e na produção do sorgo e soja consorciados Mycorhizal fungi and phosphorus on growth, yield and nutrition of intercropped grain sorghum and soybean

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Wellington Bressan

    2001-02-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar em casa de vegetação os efeitos da inoculação de fungos micorrízicos arbusculares sobre o crescimento, produção de grãos e teores de nutrientes no sorgo, e na soja, consorciados, num Latossolo Vermelho-Escuro fumigado que recebeu 0, 25, 50, 100 e 200 mg/kg de P. O peso da matéria seca da parte aérea do sorgo aumentou em 55%, 33% e 6%, respectivamente, com o Glomus etunicatum, o Gigaspora margarita e o Glomus clarum. O peso dos grãos secos aumentou em 31% e 21%, respectivamente, com o Glomus etunicatum e com o Gigaspora margarita. Na soja, o peso da matéria seca da parte aérea aumentou linearmente com as doses de P, independentemente da inoculação de fungo micorrízico, enquanto o peso dos grãos secos aumentou na mesma grandeza que o do sorgo. O Glomus etunicatum foi a espécie micorrízica mais eficiente em todas as doses de P. A inoculação de fungos micorrízicos contribuiu para o aumento da matéria seca, produção de grãos e para os teores dos nutrientes N, P, K, Zn e Cu no sorgo e na soja. Estes efeitos são dependentes das doses de P no solo e da espécie de fungos micorrízicos inoculados.The objective of this research was to evaluate the effect of three endomycorhizal fungi species on intercropped sorghum and soybean growth, nutrition and grain yield in a Dark-Red Latosol (Typic haplusthox fumigated soil amended with 0, 25, 50, 100 and 200 mg/kg of P. The experiment was conducted under greenhouse conditions. Sorghum shoot dry weight increased by 55%, 33% and 6%, and grain dry weight increased by 31% and 21%, respectively to Glomus etunicatum and Gigaspora margarita. Glomus clarum did not statistically differ from the control. Soybean shoot dry weight and grain dry weight showed linearly increase with P levels indepedently of mycorhizal fungus inoculation, while dry grain weigth incresed in the same way as that of sorghum. Glomus etunicatum was the most efficient mycorhizal fungus

  6. Indução in vitro da germinação de sementes de Oncidium flexuosum (Orchidaceae por fungos micorrízicos rizoctonióides In vitro symbiotic seed germination of Oncidium flexuosum (Orchidaceae by rhizoctonia-like mycorrhizal fungi

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Olinto Liparini Pereira

    2005-04-01

    Full Text Available A germinação de sementes e o desenvolvimento de protocórmios de Oncidium flexuosum (Orchidaceae induzidos simbioticamente são descritos pela primeira vez. As sementes de O. flexuosum foram inoculadas com dez fungos micorrízicos rizoctonióides, previamente isolados de micorrizas de dez espécies de orquídeas neotropicais do Brasil, incluindo O. flexuosum. Foram utilizados um isolado pertencente à espécie Epulorhiza repens, dois pertencentes à Epulorhiza epiphytica, seis de Ceratorhiza spp. e um de Rhizoctonia sp. Sementes inoculadas com o isolado M2 de Ceratorhiza sp., originalmente isolado do sistema radicular de O. flexuosum em habitat natural, promoveu a germinação das sementes em sete dias e em, aproximadamente, 30 % das plântulas, houve formação de folhas após 50 dias de incubação, apresentando pelotons em algumas células do protocórmio e das radicelas. Os demais isolados promoveram a germinação das sementes; entretanto, não promoveram um desenvolvimento ótimo dos protocórmios. Sementes incubadas na ausência de fungos micorrízicos não germinaram. A especificidade e a alta dependência de O. flexuosum pela associação micorrízica ficaram claras. Aspectos relativos à especificidade, anatomia da interação fungo-planta e a importância da seleção de estirpes fúngicas, previamente ao uso de fungos micorrízicos para o cultivo simbiótico a partir de sementes de O. flexuosum são discutidos.Symbiotic in vitro seed germination and protocorm development of Oncidium flexuosum is described for the first time. O. flexuosum seeds were inoculated with ten mycorrhizal isolates, originally obtained from the mycorrhiza of ten neotropical Brazilian orchid species, including O. flexuosum. One of the isolates belongs to Epulorhiza repens, two to Epulorhiza epiphytica, six to Ceratorhiza spp., and one to Rhizoctonia sp. Seeds inoculated with the M2 isolate of Ceratorhiza sp., originally isolated from the root system of wild O

  7. Óleo de eucalipto e Pisolithus microcarpus no crescimento de bracatinga em solo contaminado por cobre

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alex Dellai

    2014-09-01

    Full Text Available As áreas de mineração de cobre podem apresentar teores elevados disponíveis deste nutriente no solo afetando o desenvolvimento vegetal. O objetivo do trabalho foi avaliar o efeito do óleo essencial de eucalipto na associação ectomicorrizica com o fungo Pisolithus microcarpus em mudas de bracatinga e seu comportamento em solo contaminado por cobre. O experimento foi conduzido em delineamento inteiramente casualizado em arranjo fatorial (4 x 5 sendo quatro formas de inoculação (testemunha, óleo, fungo e óleo + fungo e cinco doses de cobre (nível natural do solo, 60, 120, 180 e 240 mg de Cu kg-1 de solo com cinco repetições. Avaliaram-se a altura de plantas (cm, diâmetro do colo (mm, massa seca da parte aérea e radicular (g, comprimento radicular (cm, área superficial específica (cm², relação altura/diâmetro do colo e índice de qualidade de Dickson. Verificou-se que a utilização de 40 μL L-1 de óleo essencial de eucalipto aumenta a altura das mudas de bracatinga em solo com adição de 180 mg de Cu kg-1 de solo. Não há efeito da inoculação de Pisolithus microcarpus no crescimento das mudas de bracatinga em solo contaminado com cobre. As doses de cobre reduzem a massa seca da parte aérea e radicular das mudas.

  8. Ação in vitro dos fungos Beauveria bassiana (Bals Vuill e Metarhizium anisopliae (Metsch Sorok sobre ninfas e adultos de Amblyomma cajennense (Fabricius, 1787 (Acari: Ixodidae In vitro action of the fungi Beauveria bassiana (Bals Vuill and Metarhizium anisopliae (Metsch Sorok on ninphs and adults of Amblyomma cajennense (Fabricius, 1787 (Acari: Ixodidae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    R.C.S. Reis

    2001-10-01

    Full Text Available O trabalho teve por objetivo verificar a mortalidade in vitro de ninfas e adultos de Amblyomma cajennense frente à ação de isolados dos fungos Beauveria bassiana e Metarhizium anisopliae. Foram avaliados três isolados de M. anisopliae (959, 319 e E9 e dois de B. bassiana (986 e 747. As suspensões de conídios foram preparadas a partir de fungos produzidos em meio de arroz, e cada bioensaio foi constituído de quatro tratamentos nas concentrações 10(5, 10(6, 10(7, 10(8 conídios/ml e um grupo-controle. A análise constou da observação do percentual de mortalidade, 15 dias após o tratamento ou após a ecdise de adultos. Foram observadas diferenças significativas entre os tratamentos quanto à mortalidade para todos os isolados e todos os instares. Nos grupos tratados houve aumento considerável na mortalidade à medida que se aumentava a concentração de conídios na suspensão. Conclui-se que todos os isolados testados causaram mortalidade em testes in vitro sobre esses estádios evolutivos, sugerindo o controle do A. cajennense pela ação desses fungos.This work aimed at the evaluation of the in vitro susceptibility of Amblyomma cajennense nimphs and adults to isolates of Beauveria bassiana and Metarhizium anisopliae fungi. Three isolates of M. anisopliae (959, 319 e E9 and two of B. bassiana (986 e 747 were used. Conidia suspensions were made from fungi grown up in a rice culture medium and each test consisted of four treated groups (10(5, 10(6, 10(7, 10(8 conidia/ ml plus a control group. Viability of individuals was assessed 15 days after treatment or after adult ecdisis. Significative differences were found for all treatments and for all stages studied. A large reduction in the viability of ticks was observed, and this effect increased as conidia concentration raised. Based upon the results obtained, it can be concluded that all isolates tested presented an in vitro lethality for the biological stages of A. cajennense evaluated

  9. Identificação molecular de isolados de fungos de interesse médico por meio de marcadores RAPD - doi: 10.5102/ucs.v8i2.1110

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Anabele Azevedo Lima

    2011-04-01

    Full Text Available Aspergillus e Penicillium são microrganismos capazes de provocar complicações clínicas consideráveis principalmente em pacientes imunossuprimidos. A análise molecular é uma estratégia importante para a identificação rápida e precisa desses agentes patogênicos. O objetivo desse trabalho foi descrever padrões de marcadores RAPD específicos para a identificação de isolados de Aspergillus e Penicillium causadores de doenças de interesse médico. A análise morfológica revelou que 14 isolados eram do gênero Aspergillus, 7 eram Penicillium, 1 correspondente a Fusarium e um isolado não foi identificado. A análise por RAPD com dez iniciadores produziram fragmentos de DNA característicos para cada gênero. O dendrograma revelou grupos de isolados dentro de cada gênero de fungo de acordo com perfis de marcadores específicos, identificando isolados muito semelhantes que apresentaram alto coeficiente de similaridade. Esses dados fornecem opções para o desenvolvimento de oligonucleotídios de PCR para a identificação específica de isolados específicos ocorrendo no ambiente médico-hospitalar.

  10. Patogenicidade do fungo Colletotrichum gloeosporioides, patógeno da cochonilha Orthezia praelonga, a diversos frutos e a plântulas de abobrinha Pathogenicity of the fungus Colletotrichum gloeosporioides, pathogen of Orthezia praelonga, to several fruits and to pumpkin seedlings

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Manoel Araújo Teixeira

    2004-08-01

    Full Text Available A descoberta do fungo Colletotrichum gloeosporioides parasitando cochonilha em pomares cítricos levantou a possibilidade de sua utilização no controle de Orthezia praelonga. O controle biológico, porém, deve ser feito com a certeza de que o microrganismo utilizado não ocasionará doenças em outras culturas. Este trabalho teve por objetivo avaliar e comparar o potencial fitopatogênico dos isolados de C. gloeosporioides patogênicos a O. praelonga, com outros isolados de C. gloeosporioides, C. acutatum e C. lagenarium, responsáveis pelas doenças de pós-colheita e podridão floral, em citros, e da antracnose, em abobrinha, respectivamente. Os fungos foram inoculados em banana, café, maçã, mamão, pêssego e folhas de abobrinha, com e sem ferimentos. Os pêssegos foram suscetíveis a todos os isolados testados, nas duas metodologias utilizadas. As maçãs e as folhas de abobrinha, quando lesadas, também mostraram suscetibilidade. A banana, o café e o mamão não foram suscetíveis em nenhum dos métodos de inoculação.The discovery of the fungus Colletotrichum gloeosporioides living like a parasite on the O. praelonga in citric orchards, raise the possibility of its utilization on the control of this pest. The biological control, however, should be done with the certainty that the utilized microorganism will not provoke diseases in other cultures that are been cultivated near the orchards. Then, this work aimed to evaluate and compare the phytopathogenic potential of the C. gloeosporioides isolates, pathogenics of O. praelonga (CTAA1-5, with other C. gloeosporioides isolates (CCC and CCE, C. acutatum (CCA and C. lagenarium, responsible by diseases of fruit in citrus post-harvest and postbloom, and by antracnose in pumpkin, respectively. The fungi were inoculated on banana, coffee, apple, peach, papaya and on the pumpkin leaves, with or without injury. The peach fruits were susceptive to all isolates tested at the two experimental

  11. Identificação do potencial amilolítico de linhagens mutantes do fungo filamentoso Aspergillus nidulans Identification of the amylolytic potential of mutant strains of the filamentous fungi Aspergillus nidulans

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Izabel Aparecida Soares

    2010-09-01

    Full Text Available As amilases estão entre as mais importantes enzimas industriais, apresentando grande importância biotecnológica, principalmente na indústria alimentícia. Com o avanço no conhecimento das enzimas, a utilização dos fungos como fonte de enzimas vem adquirindo um status de destaque nas mais variadas áreas industriais e comerciais. Diante disso, o presente estudo procurou identificar a presença de atividade amilolítica em quatro linhagens do fungo filamentoso Aspergillus nidulans, selvagem, PAT, biA1methG1 e CLB3, utilizando dois meios distintos de cultura, BDA e Meio Completo a 2% amido, variando os tratamentos com adição ou não de glicose. Foram determinados o diâmetro médio da colônia, o diâmetro médio do halo e o Índice Enzimático. Como resultados, todas as linhagens testadas foram capazes de degradar o amido quando na ausência de glicose, porém o tratamento que obteve estatisticamente melhor crescimento e maior degradação do amido foi o MC sem glicose a 2% amido e a linhagem que se demonstrou potencialmente degradadora de amido foi o mutante CLB3. Conclui-se, portanto, que Aspergillus nidulans pode ser considerado como um produtor de amilases.The amylases are among the most important industrial enzymes showing great biotechnological importance, mainly in the food industry. Due to the advance knowledge in enzyme research, the use of fungi as source of enzymes has acquired a prominent status in most varied industrial and commercial areas. Thus, the present study tried to identify the presence of the amylolytic activity in four stains of filamentous fungi Aspergillus nidulans, selvagem, PAT, biA1methG1 and CLB3 by using two different culture means, PDA and Complete mean with 2% starch, varying the treatments with and without the addition of glucose. The colony average diameter, the halo average diameter, and the enzymatic index were determined. The results show that all strains tested were capable of degrading starch in the

  12. β-1,3 Glucanases e quitinases: aplicação na lise de leveduras e inibição de fungos β-1,3 glucanases and chitinases: application in the yeast cell lysis and fungi inhibition

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciana Francisco Fleuri

    2008-08-01

    Full Text Available Objetivou-se, no presente trabalho, a aplicação de β-1,3 glucanases e quitinases da linhagem Cellulosimicrobium cellulans 191 na lise de leveduras e inibição de fungos, respectivamente. O delineamento experimental mostrou que as melhores condições para a lise de Saccharomyces cerevisiae KL-88 pela β-1,3 glucanase foi pH 6,5 e 35ºC. As células de leveduras incubadas por 10 h em frascos sem agitação mostraram-se mais susceptíveis à lise pela ação da enzima. Foi obtido maior lise da levedura quando a suspensão de células foi submetida ao tratamento com β-1,3 glucanase e cisteína 1mM. A enzima invertase intracelular ou ligada à célula de S. cerevisiae KL-88 e K. marxianus NCYC 587 foi extraída após tratamento da suspensão celular com β-1,3 glucanase, sendo que o tratamento prévio das leveduras com a enzima aumentou a susceptibilidade das células à lise com ultra-som. A preparação de quitinase foi capaz de formar halos de inibição de alguns fungos.The aim of this work was the application of β-1,3 glucanases and chitinases by Cellulosimicrobium cellulans 191 strain on yeast cell lysis and fungi inhibition, respectively. The experimental design study showed that the best conditions to Saccharomyces cerevisiae KL-88 lysis by β-1,3 glucanase extract were pH 6,5 and 35ºC. This study also demonstrated that the yeast cells were more susceptible to lysis after 10 h of cultivation in flasks without agitation. Lysis activity was increased when S. cerevisiae KL-88 cell suspension was treated with β-1,3 glucanase and cystein 1mM. The enzyme invertase of S. cerevisiae KL-88 and Kluyveromyces marxianus NCYC 587 was extracted after treatment of cell suspension with β-1,3 glucanase and the previous treatment of yeasts with the enzyme, increased the susceptibility to lysis when ultrasonic treatment was used. The chitinase presented growth inhibition halos for some of the fungi.

  13. Aspectos ecológicos de fungos micorrízicos vesículo-arbusculares da mata tropical úmida da Ilha do Cardoso, SP, Brasil Ecological aspects of mycorrhizal vesicular-arbuscular fungi of the tropical humid forest of Cardoso Island, SP, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sandra F. B Trufem

    1990-12-01

    Full Text Available No período de agosto/1984 a maio/1987, em nove ocasiões, foram coletadas 300 amostras de solo da rizosfera de 35 espécies de plantas nativas da mata tropical úmida do Parque Estadual da Ilha do Cardoso, SP, Brasil, para a investigação da ocorrência de fungos micorrízicos vesículo-arbusculares (MVA ea obtenção de dados sobre aspectos ecológicos desses microrganismos. Foram verificados 35 taxa de fungos MV A, sete dos quais espécies novas. Os esporos qué ocorreram em maior quantidade foram os de Acaulospora foveata Trappe & Janos, Acaulospora scrobiculata Trappe, Glomus etunicatum Becker & Gerd.. Glomus geosporum (Nicol. & Gerd. Walker, Glomus macrocarpum Tul. & Tul. e Glomus microcarpum Tul. & Tul. As plantas cujas rizosferas apresentaram maior número de esporos de fungos MV A foram as de Blechnum serrulatum L.C. Rich., Euterpe edulis Mart, Neomarica caerulia Sprague, Geonoma elegans Mart, e Piper aduncum L. A maior diversidade de espécies de fugnos MV A ocorreu nas rizosferas de Aphettandra sp., Geonoma elegans Mart e Leandra barbinervis Cogn. Verificouse que houve predominancia de espécies de fungos micorrízicos vesículo-arbusculares clamidospóricas sobre as azigospóricas, bem como que a quantidade de esporos em urna dada rizosfera está diretamente relacionada com a diversidade. Glomus monosporum Gerd. & Trappe e as espécies de Sclerocystis podem ser apontadas como características do ecossistema estudado, que apresentou a média de 50,04 esporos/ 100g de solo.From August/1984 to May/1987, 300 soil samples were collected from the rhizospheres of 35 species of native plants of Parque Estadual da Ilha do Cardoso, SP, Brazil, in a wet tropical forest, to investigate the occurrence and some ecological aspects of vesicular-arbuscular mycorrhizal (VAM fungi. Thirty five taxa of VA M fungi were reported, seven of them as new species. The most numerous VA M fungal spores belong to Acaulospora foveata Trappe & Janos, Acaulospora

  14. Fungos e fumonisinas no período pré-colheita do milho Fungi and fumonisins at maize's pre-harvest period

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gislaine Hermanns

    2006-03-01

    Full Text Available A contaminação fúngica e por micotoxinas no milho pode ocorrer antes mesmo da colheita, resultando em grandes perdas econômicas. Fusarium spp. é o principal contaminante do milho no campo, e muitas espécies deste gênero são responsáveis pela produção de fumonisinas. As fumonisinas são tóxicas para animais e humanos, estando envolvidas na doença da leucoencefalomalácea eqüina e associadas à síndrome de edema pulmonar em suínos e câncer de esôfago em humanos. O objetivo deste trabalho foi identificar os pontos críticos de contaminação fúngica e a produção de fumonisinas durante o período pré-colheita do milho. Os resultados mostraram um crescimento fúngico já na fase de grão farináceo, com nenhuma diferença significativa nas fases seguintes: grão farináceo duro e maturação fisiológica. Fungos não esporulados foram predominantes na fase de florescimento (100% e na fase de grão farináceo (95%. Espécies saprófitas foram identificadas na fase de grão farináceo duro (23,25%. Fusarium spp. já foi evidente na fase de grão farináceo (5%, aumentando consideravelmente nas fases de grão farináceo duro (62,5% e maturação fisiológica (90%. Todas as cepas de Fusarium spp. testadas mostraram-se potencialmente toxigênicas. Fumonisinas foram evidentes nas fases finais de desenvolvimento, aumentando consideravelmente da fase de grão farináceo duro (0,2 ppm para a maturação fisiológica (2,5 ppm. Os autores sugerem atenção especial e adoção de medidas preventivas na fase de grão farináceo, onde Fusarium spp. começa a ser evidente.Fungal and mycotoxin contamination in maize can take place even before harvest time, with large economic losses in consequence. Fusarium spp. is a ubiquitous contaminant of corn in the field and several species of this genera are responsible for fumonisins production. Fumonisins are reported to be toxic to animals and humans, implicated in equine leukoencephalomacia disease

  15. Evaluation of the mycelial network formed by arbuscular mycorrhizal hyphae in the rhizosphere of papaya and other plants under intercropping system Avaliação da rede micelial formada por hifas de fungos micorrízico-arbusculares na rizosfera de mudas de mamoeiro e outras plantas sob sistema de consórcio

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    André Freire Cruz

    2003-04-01

    Full Text Available An experiment was carried out under greenhouse conditions to observe the distribution of arbuscular mycorrhizal (AM hyphae in the rhizosphere of papaya and other plants under intercropping system. Special acrylic root boxes with three compartments, separated by nylon mesh screens, were constructed. One outer compartment contained seedlings of papaya (Carica papaya L. and other contained seedlings of bahiagrass (Paspalum notatum Flügge or millet (Pennisetum glaucum L. R. Br.. The central compartment was inoculated with an AM fungus (Gigaspora margarita. In another experiment, the outer compartments were treated with 25% MeOH eluates of bahiagrass (BRE and millet (MRE root extracts. A control box, containning only papaya seedlings was also prepared. Hyphal density, root infection levels and spore numbers were higher in the bahiagrass and millet compartments than in the papaya compartment. Similar results were found for the percentage of AM infection and the number of AM spores. In the compartments treated with BRE and MRE the density of AM hyphae was around 20%, and a few spores were found in those compartments. Few AM hyphae and spores were observed in the control compartment.Um experimento foi conduzido em casa-de-vegetação para observar a distribuição de hifas de fungos micorrízicos arbusculares (FMA, na rizosfera do mamoeiro intercalado com outras plantas. Para isto foram construídos vasos de acrílico divididos em três compartimentos. Mudas de mamoeiro (Carica papaya L. foram transplantadas para um dos compartimentos laterais em todos os vasos, enquanto que mudas de grama batatais (Paspalum notatum Flügge e milheto (Pennisetum glaucum L. R. Br. foram separadamente transplantadas para o outro compartimento situado na outra extremidade. Um outro tratamento foi constituído de mudas de mamoeiro em um compartimento e 25% de extrato metanólico de raízes de grama batatais (BRE ou de milheto (MRE, fracionados em cromatógrafo de coluna

  16. Inoculação de Pseudomonas fluorescens e adubação NPK na composição química e contaminação fungo-fumonisina de milho

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciana P. Bernd

    2014-12-01

    Full Text Available Propôs,neste trabalho, avaliar o efeito da inoculação de sementes com Pseudomonas fluorescens e adubação NPK (nitrogênio, fósforo e potássio na composição química e contaminação por fungo-fumonisina de grãos de milho. O delineamento experimental foi bloco casualizado em fatorial 2 x 3, correspondente à inoculação com P. fluorecens (não inoculada ou inoculada e níveis de adubação NPK (0, 125 e 250 kg ha-1, formulados 08-28-16 com 4 repetições. Os parâmetros avaliados foram composição química (proteína e cinzas, contaminação fúngica (bolores e leveduras e fumonisinas B1 (FB1 e B2 (FB2. Os dados foram submetidos à análise de variância, comparação de médias pelo teste de Tukey e correlação de Pearson, pelo teste-t (p 0,05. A interação entre fatores, com incremento no nível de adubação NPK e uso de P. Fluorescens, resultou em aumento no teor de cinzas e proteína (p < 0,05 e reduziu a contaminação por leveduras no grão, favorecendo o crescimento de Fusarium spp. (r = -0,40; p < 0,05. Os níveis de fumonisinas totais (FB1 + FB2 observados estão enquadrados nos limites máximos tolerados, estabelecidos por órgãos de vigilância sanitária.

  17. Microorganisms as tools in modern chemistry: the biotransformation of 3-indolylacetonitrile and tryptamine by fungi Microrganismos como ferramentas na química moderna: a biotransformação da 3-indolilacetonitrila e triptamina por fungos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Amélia D. Boaventura

    2004-12-01

    Full Text Available Chemical reactions performed by microorganisms have been used as a modern tool in chemistry. In this work, the ability of the fungi Beauveria bassiana and Aspergillus niger to modify the chemical structure of indole compounds was studied. Beauveria bassiana was able to transform 3-indolylacetonitrile into 3-methylindole while Aspergillus niger transformed tryptamine into 5-hydroxyindole-3-acetamide. Interestingly, these fungi were able to perform both reduction and oxidation of the indole compounds fed, the oxidation occurring with improved levels of oxygen uptake. The results prove once more the versatility of microorganisms to perform a wide range of industrially attractive chemical reactions.O uso de microrganismos para a realização de reações químicas tem sido explorado como uma ferramenta moderna em química. Neste trabalho explorou-se a habilidade dos fungos Beauveria bassiana e Aspergillus niger de modificarem quimicamente a estrutura de compostos indólicos, uma classe de substâncias com diversas atividades biológicas relatadas. A 3-indolacetonitrila foi reduzida, com formação do 3-metilindol por Beauveria bassiana, enquanto Aspergillus niger converteu a triptamina em um derivado oxidado, a 5-hidroxiindol-3-acetamida. A oxidação ocorreu somente no experimento sob agitação e provavelmente está relacionada ao alto grau de oxigenação da reação. A ocorrência de redução e oxidação de derivados indólicos ilustra bem a versatilidade do uso de microorganismos para a condução de uma grande variedade de reações químicas de interesse industrial.

  18. Atividade de fungos nematófagos nos estágios pré-parasitários de nematódeos trichostrongilídeos Predacious activity of nematophagous fungi on free living stages of trichostrongylid nematodes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Terezinha Padilha

    1996-08-01

    Full Text Available O controle dos nematódeos trichostrongilídeos é obtido através da aplicação de anti-helmínticos nos hospedeiros. Nas últimas décadas, estratégias de controle foram desenvolvidas visando a aplicação de anti-helmínticos em épocas em que as condições ambientais são desfavoráveis ao desenvolvimento dos estádios pré-parasitários. Estas estratégias apesar de serem bem sucedidas, apresentam inconveniências tais como o desenvolvimento de resistência aos princípios ativos mais comumente usados, a possibilidade de ocorrerem resíduos na carne e no leite e a ecotoxicidade de alguns compostos. Esses problemas reais e potenciais tem impulsionado estudos visando o desenvolvimento de alternativas que possam contribuir para redução ou substituição do uso desses compostos. Entre elas, o controle biológico dos estádios pré-parasitários através da ação de fungos nematófagos é uma alternativa promissora. Este artigo reúne as principais informações geradas nos estudos com estes microrganismos visando a redução do número de larvas de nematódeos trichostrongilídeos disponíveis nas pastagens.Nematophagous fungi are promising candidates for use as biological control agents to reduce the numbers of infective larvae of trichostrongylid on pasture. In the last five years research aimed at the use of nematophagous fungi to control trichostrongylid nematodes has been intensified. This paper presents a review of the current status of knowledge on the effect of this group of microorganism on the free living stages of these nematodes.

  19. Ocorrência de Colletotrichum gloeosporioides (Penz. Sacc. em Carthamus tinctorius L. no estado do Paraná

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Solange Monteiro de Toledo Pizza Gomes Carneiro

    2012-06-01

    Full Text Available O cártamo (Carthamus tinctorius é uma espécie cultivada de importância medicinal e industrial e atualmente é considerado uma planta de grande potencial na produção de biodiesel. O objetivo deste trabalho foi verificar qual o agente causal das manchas observadas em plantas de cártamo presentes no campo experimental do IAPAR em Londrina-PR. Foram realizados isolamentos a partir de lesões foliares de plantas sintomáticas e realizado teste de patogenicidade dos isolados em plantas sadias de cártamo. As plantas inoculadas apresentaram sintomas de antracnose nas folhas, nas hastes e no capítulo, assim como morte das plântulas. A observação e análise de estruturas reprodutivas do fungo em meio de cultura e no tecido do hospedeiro, assim como a PCR táxon-específica permitiu a identificação dos isolados do fungo como pertencentes à espécie Colletotrichum gloeosporioides. Este foi o primeiro relato de antracnose por C. gloeosporioides em cártamo no estado do Paraná.

  20. Efeito do cobre na população de bactérias e fungos do solo, na associação micorrízica e no cultivo de mudas de Eucalyptus grandis W. Hill ex Maiden, Pinus elliottii Engelm e Peltophorum dubium (Sprengel Taubert

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Zaida Inês Antoniolli

    2010-09-01

    Full Text Available O cobre é um metal pesado que pode exercer efeitos tóxicos para micro-organismos e plantas. Os fungos ectomicorrízicos são capazes de proteger a planta hospedeira da toxidez dos metais pesados, mas a presença de certas concentrações de metais pode inibir o crescimento destes, prejudicando a simbiose micorrízica e alterar o desenvolvimento das plantas. O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito de doses de cobre na população de bactérias e fungos do solo, bem como seus efeitos na associação ectomicorrízica e no desenvolvimento de mudas de eucalipto, pinus e canafístula. O levantamento da população de micro-organismos do solo foi realizado em casa de vegetação durante 60 dias e os tratamentos foram doses de sulfato de cobre aplicadas ao solo (0,7; 0,708; 0,716; 0,724 mg kg-1 de solo e mudas de eucalipto e pinus. No segundo experimento, mudas de eucalipto e canafístula inoculadas e não inoculadas com Pisolithus microcarpus (Cooke & Massee Cunn (UFSC Pt 116 receberam doses de cobre de 0, 100, 200 e 300 mg kg-1 de solo. Aos 110 dias, avaliaram-se a massa fresca da parte aérea e radicular, massa seca da parte aérea, altura, diâmetro do colo e porcentagem de colonização ectomicorrízica. No primeiro experimento, a população total de bactérias e fungos do solo foi alterada pela presença do cobre, porém as mudas de eucalipto e pinus não mostraram efeitos da adição do cobre. No segundo experimento, a inoculação das mudas de eucalipto e canafístula com o isolado UFSC Pt 116 favoreceu o desenvolvimento da massa fresca da parte aérea e radicular e a altura das plantas. Conforme os resultados obtidos, a canafístula foi capaz de realizar associação ectomicorrízica com o isolado testado. O desenvolvimento das plântulas de eucalipto e canafístula foi inibido pelos níveis de cobre, mesmo inoculadas com o isolado UFSC Pt 116.

  1. Compatibility between the entomopathogenic fungus Beauveria bassiana and insecticides used in coffee plantations Compatibilidade entre o fungo entomopatogênico Beauveria bassiana e inseticidas usados na cultura do cafeeiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carolina Natali de Oliveira

    2003-12-01

    controle, reduzindo assim a quantidade de inseticidas. O efeito fungitóxico in vitro das formulações inseticidas de Tiametoxan, Ciflutrin, Deltametrin, Alfacipermetrina, Triazofos, Clorpirifós, Fenpropatrin e Endosulfan em três concentrações (RC= recomendação média para campo, 0,5 ´ RC e 2 ´ RC, foi avaliado sobre a germinação dos conídios, crescimento vegetativo e produção de conídios no fungo Beauveria bassiana. Apenas cinco formulações inseticidas, na concentração RC, proporcionaram viabilidade dos conídios acima de 60%. A viabilidade deve ser considerada o parâmetro mais importante a ser avaliado por ser o passo inicial no processo de infecção. As formulações de Alfacipermetrina, Tiametoxan e Ciflutrin, nas menores concentrações, causaram a menor inibição da germinação, sem diferença em relação à testemunha. Analisando-se o crescimento vegetativo, observou-se que a formulação de Tiametoxan nas menores concentrações, não inibiu o crescimento radial, sendo o crescimento vegetativo nos demais tratamentos inferior à testemunha. A formulação de Tiametoxan também proporcionou a menor inibição na produção de conídios. Os inseticidas com formulações de Alfacipermetrina e Tiametoxan mostraram-se compatíveis com o fungo Beauveria bassiana (CG 425, importante agente natural de controle da broca do café Hypothenemus hampei e podem ser recomendados para MIP no cafeeiro

  2. Biofilme em rinossinusite crônica com polipose nasossinusal: estudo piloto

    OpenAIRE

    Thiago Freire Pinto Bezerra; Francini Grecco de Melo Pádua; Allex Itar Ogawa; Eloisa Maria Mello Santiago Gebrim; Paulo Hilário Nascimento Saldiva; Richard Louis Voegels

    2009-01-01

    Apatogenia da rinossinusite crônica não está completamente estabelecida e existem algumas explicações para essa doença, como a osteíte, os superantígenos, a hipersensibilidade mediada por fungos e, mais recentemente, o biofilme. Não existem publicações na língua portuguesa sobre biofilmes na rinossinusite crônica. OBJETIVO: Reproduzir um método para evidenciar a presença de biofilmes em pacientes com rinossinusite crônica com polipose nasossinusal. MATERIAL E MÉTODO: Amostras de bula etmoidal...

  3. Eficiência de fungicidas no controle da brusone em trigo

    OpenAIRE

    2014-01-01

    Causada pelo fungo Pyricularia grisea, a brusone do trigo constitui-se num dos principais entraves à expansão da produção tritícola no Brasil Central. O objetivo deste trabalho foi avaliar a eficiência de fungicidas no controle da brusone em trigo. Foram utilizados três fungicidas, com princípios ativos distintos, combinados com quatro genótipos de trigo. Realizaram-se duas aplicações do produto comercial, sendo estas no estádio 45 e 65 da escala de Zadokset al. A inoculação artificial com os...

  4. Influência de Tween na produção de lacases constitutivas e indutivas pelo <em>Botryosphaeria> sp - DOI: 10.4025/actascibiolsci.v26i4.1536 Influence of Tween on constitutive and inducible laccase production by <em>Botryosphaeria> sp - DOI: 10.4025/actascibiolsci.v26i4.1536

    OpenAIRE

    Aneli de Melo Barbosa; Robert Frans Huibert Dekker; Luiz Gustavo Covizzi; Ellen Cristine Giese

    2004-01-01

    O Botryosphaeria sp. é um fungo ligninolítico produtor de lacases. Estudos anteriores demonstraram que o álcool veratrílico (AV) induziu fortemente a produção de lacases nesse ascomiceto. Sabe-se que surfactantes tais como o Tween - 80 podem aumentar a produção de algumas exoenzimas fúngicas. Tem sido relatado que o Tween-80 pode induzir a produção de lacase em basidiomicetos. No presente trabalho, foi avaliada a influência dos Tweens 80, 60, 40 e 20 na produção de lacases constitutivas (ausê...

  5. Respostas da cultura do rabanete à inoculação de fungos solubilizadores de fosfatos Responses of radish culture to phosphate-solubilizing fungi

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Charles Narloch

    2002-06-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi estudar o efeito dos fungos solubilizadores de fosfatos MSF-044, MSF-062 (Penicillium sp. e MSF-087 (Aspergillus sp. e da aplicação de fosfato solúvel [Ca(H2PO42.2H 2O], nas doses de 0,0 , 4,5 , 9,0 , 17,5 , 35,0 , 70,0 e 140,0 mg kg-1 de P, na produção de matéria seca e na absorção de fósforo pela cultura do rabanete. O experimento foi realizado em solo não-estéril, em casa de vegetação. Os isolados diferiram quanto à capacidade de promover a produção de matéria seca, dependendo da dose de P aplicada. Os isolados MSF-044 e MSF-062 foram mais eficientes sob baixas doses (4,5 a 17,5 mg kg-1 de P, enquanto o isolado MSF-087 proporcionou maior produção de matéria seca somente na dose mais alta (140,0 mg kg-1 de P. Plantas submetidas à inoculação do isolado MSF-062 (Penicillium sp. e com 17,5 mg kg-1 de P apresentaram produção de matéria seca equivalente às obtidas por plantas com até 70,0 mg de P por kg de solo, sem inoculação. A quantidade total de P absorvida pelas plantas não foi influenciada pela inoculação, no solo, dos isolados testados.The objective of this work was to study the effect of phosphate-solubilizing fungi MSF044, MSF-062 (Penicillium sp. and MSF-087 (Aspergillus sp. and soluble phosphate [Ca(H2PO42.2H 2O] at 0.0 , 4.5 , 9.0, 17.5 , 35.0 , 70.0 and 140.0 mg kg-1 P on dry matter production and P uptake of radish, in non-sterilized soil, under green house conditions. Isolates differed in their capacity to stimulate dry matter production of plants, depending upon the P level. Isolates MSF-044 and MSF-062 were more efficient under low P (4.5 to 17.5 mg kg-1 P, while the isolate MSF-087 only stimulated dry matter production in the highest P level (140.0 mg kg-1 P. Plants inoculated with the isolate MSF-062, at 17.5 mg kg-1 P, presented no differences in dry matter compared to non-inoculated plants, with 70.0 mg kg-1 P. Phosphorus uptake by inoculated plants did not differ

  6. Clonagem e caracterização do fator inibitório de macrófago do fungo Paracoccidioides brasiliensis

    OpenAIRE

    Oliveira, Gina Camilo de

    2010-01-01

    O fungo dimórfico Paracoccidioides brasiliensis é o agente etiológico da paracoccidioidomicose (PCM), uma micose sistêmica e endêmica na América Latina. Estima-se que 10 milhões de indivíduos estejam infectados, mas apenas 2% desenvolvem a doença. A forma miceliana encontrada na natureza constitui a fase infectiva que diferencia para a forma de levedura no pulmão humano estabelecendo a infecção. O fungo promove uma resposta imunitária mediada por células e uma resposta inflamatória no pulmão....

  7. Resistência natural de nove madeiras do semi-árido brasileiro a fungos causadores da podridão-mole Natural resistance of nine woods of Brazilian semi-arid region to soft-rot fungi

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juarez Benigno Paes

    2005-06-01

    Full Text Available O objetivo desta pesquisa foi avaliar a resistência de nove madeiras de ocorrência no semi-árido brasileiro a fungos de podridão-mole, em condições de laboratório. As madeiras estudadas foram algaroba (Prosopis juliflora, angico (Anadenanthera colubrina var. cebil, aroeira (Myracrodruon urundeuva, braúna (Schinopsis brasiliensis, cássia (Senna siamea, craibeira (Tabebuia aurea, cumaru (Amburana cearensis, pau-d'arco (Tabebuia impetiginosa e pereiro (Aspidosperma pyrifolium. De cada espécie foram retirados corpos-de-prova de 3,0 x 1,5 x 0,5 cm, com a maior dimensão no sentido das fibras, em quatro posições na direção medula-casca do tronco. As amostras permaneceram por 120 dias sob a ação da microflora natural existente em solo orgânico. A resistência ao apodrecimento da aroeira, braúna e cássia não foi afetada pela posição na direção medula-casca, não esteve relacionada à densidade das madeiras ensaiadas. As madeiras de aroeira e braúna (cerne, pereiro e pau-d'arco apresentaram melhor desempenho. A resistência natural não esteve associada à concentração de extrativos solúveis em água quente.The objective of this research was to evaluate the wood natural resistance of nine species of woods of the Brazilian semi-arid region to soft-rot fungi, under laboratory conditions. The studied woods were Prosopis juliflora, Anadenanthera colubrinavar.cebil, Myracrodruon urundeuva, Schinopsis brasiliensis, Senna siamea, Tabebuia aurea, Amburana cearensis, Tabebuia impetiginosa and Aspidosperma pyrifolium. Specimens measuring 3.0 x 1.5 x 0.5 cm, with the largest dimension taken in the fiber direction, were obtained from four positions from pith to bark in the trunk. The specimens were submitted to action of organic soil natural micro-flora for 120 days. The wood resistance to soft-rot of Myracrodruon urundeuva, Schinopsis brasiliensis and Senna siameawas not affected by the pith to bark position, and was not associated to

  8. Influência do método de fenação e tempo de armazenamento sobre a composição bromatológica e ocorrência de fungos no feno de alfafa (Medicago sativa, L. cv. Flórida 77

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nascimento Jussimara Manoela

    2000-01-01

    Full Text Available O experimento objetivou estudar a influência de 24 tratamentos resultantes do arranjo fatorial 6 x 4, referente a seis métodos de fenação e quatro tempos de armazenamento em delineamento inteiramente casualizado, com cinco repetições para análise bromatológica e quatro para determinação de fungos. Os métodos de fenação consistiram em: T1 - (sombra, E secagem à sombra, a forrageira foi levada para o galpão imediatamente após o corte e mantida espalhada (E; T2 e T3 - o material permaneceu ao sol até perder 50% do peso e posteriormente foi seco à sombra, sendo o T2 espalhado (sol 50%, E e o T3 amontoado - A (sol 50%, A; T4 e T5, consistiram do recolhimento da forragem para completar sua secagem à sombra, após viragem e perda de 60% de peso sob exposição ao sol, T4 espalhada (sol 60%, E, T5 amontoada (sol 60%, A e o T6 perda de 80% do peso sob exposição ao sol e posteriormente amontoado à sombra (sol 80%, A. Os quatro tempos de armazenamento foram: 0, 15, 30 e 60 dias. Verificou-se que os fenos nos quais o material ficou mais tempo exposto ao sol apresentaram pior qualidade em termos de PB, FDN e FDA. A ocorrência de fungos foi maior no feno seco à sombra (T1 e naqueles em que a forragem foi amontoada, devido à ausência de aeração para retirada de umidade. O método mais adequado para a conservação da alfafa consistiu na exposição da forragem ao sol até a perda de 50% do peso da forragem original, com posterior secagem do material espalhado à sombra.

  9. Contaminação fúngica de plantas medicinais utilizadas em chás

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ravely Lucena Santos

    2013-04-01

    Full Text Available Este trabalho teve como objetivo avaliar a qualidade microbiológica quanto à presença de fungos filamentosos em ervas do tipo Peumus boldus Molina (Boldo, Pimpinella anisum L. (erva-doce e Matricaria chamomilla L. (Camomila comercializadas na cidade de Campina Grande (Paraíba. Nove amostras de cada planta foram analisadas, totalizando 27 amostras, obtidas aleatoriamente nas feiras livres e barracas informais da cidade. Cada 10 g de amostra foram suspensas em 90 mL de solução salina 0,89% estéril, obtendo-se o concentrado, a partir do qual foram realizadas diluições sucessivas. A seguir, uma alíquota de 0,1mL de cada diluição foi semeada em placas de Petri contendo Ágar Sabouraud Dextrose, as quais foram incubadas à temperatura ambiente por cinco a dez dias. Após este período foram contadas as colônias fúngicas presentes e realizados seus respectivos microcultivos para identificação através de microscópio óptico. Foram encontrados fungos toxigênicos como Aspergillus sp., Penicillium sp. e Fusarium sp., estando o primeiro presente em todas as amostras avaliadas. Também foram identificados os fungos Exophiala sp. e Fonsecaea sp., que possuem importância clínica, podendo causar micose. A forma como estas plantas são armazenadas para comercialização e a falta de fiscalização torna questionável a qualidade das plantas comercializadas para obtenção de chás, o que pode comprometer a saúde do consumidor ao utilizar esses produtos na forma de Chá.

  10. Atividade predatória dos fungos nematófagos Duddingtonia flagrans, Monacrosporium thaumasium e Artrobotrys robusta sobre larvas infectantes de Strongyloides stercoralis Predatory activity of the nematophagous fungi Duddingtonia flagrans, Monacrosporium thaumasium and Arthrobotrys robusta on Strongyloides stercoralis infective larvae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabio Ribeiro Braga

    2010-10-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: Strongyloides stercoralis é um nematoide que infecta grande parte da população mundial. MÉTODOS: O objetivo deste trabalho foi comparar a capacidade predatória dos fungos nematófagos Duddingtonia flagrans (AC001, Monacrosporium thaumasium (NF34 e Arthrobotrys robusta (I-31 sobre larvas infectantes (L3 de Strongyloides stercoralis em condições laboratoriais no meio ágar-água 2%. RESULTADOS: Ao final do experimento, os percentuais de redução de L3 de Strongyloides stercoralis observados foram de: 83,7% (AC001; 75,5% (NF34 e 73,2% (I-31. CONCLUSÕES: Os fungos nematófagos foram capazes de capturar e destruir in vitro as L3, podendo ser utilizados como controladores biológicos de Strongyloides stercoralis.INTRODUCTION: Strongyloides stercoralis is a nematode that infects much of the population worldwide. METHODS: This study aimed to compare the ability of predatory nematophagous fungi Duddingtonia flagrans (AC001, Monacrosporium thaumasium (NF34 and Arthrobotrys robusta (I-31 on infective larvae (L3 of Strongyloides stercoralis in laboratory conditions on 2% water-agar. RESULTS: At the end of the experiment, the percentage reductions in Strongyloides stercoralis L3 were 83.7% (AC001, 75.5% (NF34 and 73.2% (I-31. CONCLUSIONS: The nematophagous fungi were able to capture and destroy the L3 in vitro and may be used as biological controls of Strongyloides stercoralis.

  11. Comunidade de fungos micorrízicos arbusculares em solo cultivado com eucalipto, pinus e campo nativo em solo arenoso, São Francisco de Assis, RS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rodrigo Ferreira da Silva

    2008-01-01

    Full Text Available The aim of this work was to evaluate the community of arbuscular mycorrhizal fungi spores in five areas cultivated with eucalipt (Eucalyptus grandis W. Hill ex Maiden, pinus (Pinus elliottii Engelm. var. elliottii and native field, in arenization process, located in São Francisco de Assis-RS. The study of arbuscular mycorrhizal fungi spore community was carried out by direct and indirect identification and the diversity index determination. The analyzed areas were native field, 2 and 6 years-old eucalypt field and 2 and 12 years-old pinus field. The obtained results showed that the most frequent genera were Acaulospora, Scutellospora and Glomus. The highest diversity of species was found in area of native field, followed by 2 years-old Eucalyptus area. The Cluster analyses showed a similarity of the minimum 70 % to the species of FMAs identified through spores and 50 % to the areas being studied.

  12. Resistência a fungicidas de Botrytis cinerea Persoon ex Fries, fungo causador de tombamento em mudas de Eucalyptus sp. em viveiros florestais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Julio César Silva Medeiros da

    2003-01-01

    Full Text Available The occurrence of fungicide resistant isolates of Botrytis cinerea Persoon ex Fries causal agent of Eucalypt seedling damping off, was evaluated in laboratory tests conducted at the Universidade Federal de Santa Maria (UFSM. To evaluate the fungicide effects on the mycelium growth and conidium germination, three active ingredients were tested: benomyl, procimidone and thiabendazole. The treatments consisted of four dosages for each fungicide: zero (control, one half of the recommended dosage, full dosage and twice the dosage. The evaluations were done every 24 hours during 7 days for the mycelium growth, and at 24 and 48 hours for spore germination. To determine the occurrence of resistance two isolates were compared, one from a commercial nursery in Rio Grande do Sul (IB-1, and the other (wild (IB-2 from the Vegetable Crops Department, UFSM, Santa Maria, RS. The isolate IB-1 grew on all concentrations of benomyl, while the wild isolate was inhibited at all concentrations, indicating that the first isolate was resistant to benomyl.

  13. Manejo da murcha de escler?cio (Sclerotium rolfsii Sacc) em piment?o e sele??o de acessos de Capsicum Sp. Resistentes

    OpenAIRE

    Soares, Jo?o Vitor Camargo

    2013-01-01

    A murcha de escler?cio, causada pelo fungo Sclerotium rolfsii Sacc. ? uma doen?a de dif?cil controle, ocasionando elevadas perdas em cultivos de pimentas e piment?o no Estado do Amazonas, sendo fundamental o conhecimento do pat?geno, visando o estabelecimento de estrat?gias de manejo da doen?a e fornecer subs?dios para estudos de resist?ncia. Este trabalho objetivou-se em avaliar a resist?ncia de 20 gen?tipos de Capsicum sp ao isolado, sendo realizado um pr? teste de agressividade com dez iso...

  14. Sachês antimicrobianos em pós-colheita de manga

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eber Antonio Alves Medeiros

    2011-10-01

    Full Text Available Objetivou-se com este trabalho desenvolver sachês incorporados com óleos essenciais avaliando as propriedades físico-químicas e microbiológicas de mangas armazenadas em saco de papel contendo estes sachês em seu interior. Os óleos essenciais de orégano (Origanum vulgaris e capim-limão (Cymbopogon citratus foram incorporados em saches, e sua atividade antimicrobiana foi testada nos fungos Colletotrichum gloeosporides, Lasiodiplodia theobromae, Xanthomonas campestris pv. mangiferae indica, Alternaria alternata. Frutos de manga 'Tommy Atkins' foram acondicionados individualmente em sacos de papel contendo em seu interior um sachê antimicrobiano e mantidos a 25 °C ± 2 °C e UR 80% ± 5% por nove dias. Os parâmetros cor da epiderme, firmeza de polpa, sólidos solúveis, acidez titulável e pH sofreram pouca influência dos óleos essenciais de orégano e capim limão, indicando que a presença do óleo essencial não altera as características físico-químicas da polpa de manga. Os sachês ativos incorporados com óleos essenciais de orégano e capim limão apresentaram controle no crescimento dos microrganismos testados, sendo o capim-limão mais eficiente, reduzindo em aproximadamente 2 ciclos Log a contagem de mesófilos aeróbios e fungos filamentosos e leveduras em relação ao tratamento controle empregado.

  15. Pseudomicetoma dermatofítico em felinos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tostes Raimundo Alberto

    2003-01-01

    Full Text Available As infecções fúngicas dermatofíticas profundas, conhecidas como pseudomicetomas, são raras em animais domésticos. O pseudomicetoma dermatofítico tem sido relatado nos gatos, cães, eqüinos, assim como no homem. Na ampla maioria dos casos, o agente isolado é Microsporum canis. No presente artigo, relatam-se dois casos de pseudomicetoma dermatofítico felino, nos quais o fungo isolado foi M. canis. As lesões caracterizavam-se por nódulos variando de 1,0 a 1,5cm de diâmetro, friáveis e com exsudação purulenta em um dos casos. Histologicamente, as lesões eram características de dermatite granulomatosa profunda, com predomínio de macrófagos, células epitelióides e a discreta presença de plasmócitos, eosinófilos e um denso agregado de hifas em meio a uma marcante reação Splendori-Hoeppli eosinofílica.

  16. Dermatite multifatorial em um canino

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    C.B. Matos

    2012-12-01

    Full Text Available Relatou-se um caso clínico de dermatite multifatorial em cão, envolvendo Demodex canis, Sporothrix schenckii e bactérias dos gêneros Staphylococcus e Streptococcus. O animal, macho, da raça Pit Bull, com um ano e três meses de idade, apresentou lesões úmidas, hiperêmicas, descamativas e ulcerativas nas regiões do pescoço e do tórax. Exames laboratoriais confirmaram o diagnóstico de infecção concomitante por fungo, bactéria e parasito. A terapia antimicrobiana com moxidectina, itraconazol e amoxicilina foi efetiva, com remissão dos sinais clínicos após 30 dias de tratamento. Este relato salienta a importância do diagnóstico de certeza, que foi determinante para estabelecimento da terapêutica adequada e recuperação do animal.

  17. Aspectos clínicos e terapêuticos da osteomielite vertebral por fungos: análise secundária de dados Clinical and therapeutic features of fungal vertebral osteomyelitis: a secondary data analysis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Giovannini Cesar Figueiredo

    2007-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: avaliar os dados bibliométricos e as manifestações clínico-terapêuticas da osteomielite vertebral por fungos, retirados dos relatos de casos publicados e disponíveis nos bancos de dados eletrônicos. MÉTODO: revisão sistemática, com análise secundária de dados, considerando os casos comprovados, do banco de dados Medline, Embase e Lilacs, e da busca ativa das referências, entre 1966 e 2004. RESULTADOS: houve a tendência de crescimento de publicações de casos de osteomielite vertebral por fungos no período (R² = 0,5518, com a maioria ocorrendo após 1990 (218/318 [68,5%]. Os relatos provenientes da América do Norte predominaram (148/318 [46,5%]. O agente etiológico mais comum foi Candida sp (131/318 [41,2%], seguido de Aspergillus sp (102/318 [32,1%]. O tempo compreendido entre o aparecimento dos sintomas e o diagnóstico variou de uma semana a 9,6 anos, com média de 24,4 ± 41,6 semanas. A coluna lombo-sacra foi o segmento mais afetado (188/318 [59,1%], sendo a coluna cervical acometida em apenas 24/318 (7,5% descrições. O evento infeccioso ocorreu com mais freqüência na combinação L2 + L3 (35/318 [11%], sendo L2 e L3 as vértebras mais lesionadas (84/318 [26,4%], cada uma. O tratamento cirúrgico foi realizado em 194/307 (63,2% casos com clara notificação, dos quais a artrodese foi necessária em 91/307 (29,6%. Foi observada uma tendência da utilização de compostos azólicos, em substituição à anfotericina B, no tratamento da infecção, entre os períodos de 1966-1989 (10/37 e 1990-2004 (40/63. CONCLUSÃO: a osteomielite vertebral por fungos é um evento mais freqüentemente publicado após 1990, sendo necessária a máxima atenção para que o seu diagnóstico não passe despercebido tanto tempo, por falta de uma solicitação de pesquisa micológica rotineira ao serviço de microbiologia geral.OBJECTIVES: to assess the bibliometric, clinical and therapeutic features of fungal vertebral

  18. PRODUÇÃO DE BIOHERBICIDA POR PROCESSOS FERMENTATIVOS A PARTIR DO FUNGO Phoma sp.

    OpenAIRE

    Rodrigo Klaic

    2014-01-01

    As plantas daninhas são um dos principais problemas no cultivo de produtos agrícolas e o principal método de controle é o uso de herbicidas químicos. Embora eficiente, os herbicidas trazem consequências diretas e indiretas que superam os benefícios em muitos casos, abrindo assim caminho para o desenvolvimento de bioherbicidas. Uma barreira significativa na produção de muitos bioherbicidas é o desenvolvimento de um processo economicamente viável, logo, os objetivos deste trabalho foram produzi...

  19. Histoplasmose residual dos pulmões e linfonodos broncopulmonares em necropsias realizadas em Uberaba, MG

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sheila Jorge Adad

    1996-10-01

    Full Text Available Foram estudados pulmões e linfonodos broncopulmonares de 121 necrópsias seqüenciadas de adultos em Uberaba (MG, no período de 1992/1993, identificando-se nódulos e/ou linfonodos calcificados em 39 (30. 7% casos. Na intimidade destas estruturas calcificadas detectaram-se fungos com morfologia compatível com Histoplasma capsulatum em 27 (69,2% das 39 necrópsias; a pesquisa de bacilo-álcool- ácido-resistente através da técnica de Fite-Faraco foi negativa em todos os casos. Concluiu-se que em Uberaba a maioria dos nódulos e/ou linfonodos pulmonares calcificados encontrados em necrópsias está relacionada à infecção por Histoplasma capsulatum, levantando a possibilidade de tratar-se de uma área endêmica de histoplasmose, informação importante para o diagnóstico desta micose sistêmica em imunodeprímidos.Lungs and bronco-pulmonaiy lymph nodes were studiedfrom 127 sequencial adult autopsies done in Uberaba, MG, Brazil through the years 1992 and 1993. Calcified lung nodules and/or calcified lymph nodes were found in 39 (30.7% cases. For 27 (69.2% out of those 39 autopsies, fungi morphologically compatible with Histoplasma capsulatum were found within those calcified structures. Fite-Faraco stain for acid-fast bacilli ivas negative for all cases. It is concluded that the majority of calcified pulmonary nodes and calcified regional lymph nodes found at autopsies in Uberaba are related to infection with H. capsulatum. These findings raise the possibility for this fungal disease to be endemic in Uberaba. Such information might be relevant to the diagnosis of this systemic mycosis.

  20. Fungos associados às sementes de ipê-amarelo (Tabebuia serratifolia e ipê-roxo (Tabebuia impetiginosa: incidência, efeito na germinação e transmissão para as plântulas Fungi associated to the seeds of ipê-amarelo (Tabebuia serratifolia and ipê-roxo (Tabebuia impetiginosa: incidence, germination effect and seedlings transmission

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luana da Silva Botelho

    2008-12-01

    Full Text Available Este trabalho teve como objetivos fazer um levantamento dos fungos presentes em oito amostras de sementes de ipê-amarelo (Tabebuia serratifolia e ipê-roxo (T. impetiginosa coletadas nas regiões de Piracicaba, Mogi-Guaçu e sul de Minas Gerais (Lavras, Ijaci e Itumirim e determinar os possíveis prejuízos na produção de mudas dessas espécies. O método utilizado para o teste de sanidade foi o de papel de filtro e, para o de germinação, utilizou-se caixa tipo gerbox com substrato de papel à temperatura de 30ºC sob regime de luz constante. As sementes, tanto no teste de sanidade quanto no de germinação, foram subdivididas sendo uma parte submetidas à assepsia superficial com hipoclorito de sódio e a outra não. Avaliou-se a transmissão dos fungos através de lesões encontradas nas plântulas, durante o teste de germinação. Foram identificados e quantificados dezesseis fungos: Cladosporium sp., Alternaria alternata, Epicoccum sp., Phoma sp., Geotrichum sp., Penicillium sp., Trichothecium sp., Phomopsis sp., Drechslera sp., Aspergillus spp., Curvularia sp., Fusarium spp., Macrophomina phaseolina, Nigrospora sp., Lasiodiplodia theobromae e Septoria sp. De maneira geral, a assepsia proporcionou redução drástica na incidência de todos os fungos, em ambas espécies, com uma taxa média de 90%, podendo-se inferir que a maioria dos fungos estava contaminando as sementes. Os fungos não interferiram diretamente na porcentagem de plântulas normais e a assepsia reduziu a germinação em 64%, demonstrando ser fitotóxica. Na transmissão observou-se, em média, 17% e 10% de plântulas com sintomas, nas amostras sem assepsia e com assepsia, respectivamente. Os fungos mais freqüentes transmitidos pelas sementes de ipê-amarelo e roxo foram: Alternaria alternata, Fusarium spp., Aspergillus spp., Phoma sp. e Phomopsis sp.The aim of this research was to check out what kind of fungi was present in eight samples of ipê-amarelo seeds

  1. Ocorrência de Ceratocystis fimbriata em Kiwi (Actinidia deliciosa no sul do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Graziela Piveta

    2013-06-01

    Full Text Available Em uma inspeção de rotina em uma plantação de kiwi (Actinidia deliciosa, constataram-se plantas com sintomas de murcha, morte e escurecimento interno dos tecidos do caule. Isolamentos a partir de tecidos infectados e do solo rizosférico permitiram a obtenção de cultura de um fungo com características morfológicas similares a Ceratocystis fimbriata, cuja identificação foi confirmada a partir do sequenciamento da região ITS do rDNA. O teste de patogenicidade foi realizado nas variedades Monty e Farroupilha. Constatou-se que o agente causal da doença em kiwi pertence ao complexo Ceratocystis fimbriata e ao clado da América Latina, e os isolados inoculados foram patogênicos às duas variedades testadas.

  2. Inhibitory effect of Cinnamomum zeylanicum Blume (Lauraceae essential oil and beta-pinene on the growth of dematiaceous moulds Efeito inibitório do óleo essencial de Cinnamomum zeylanicum Blume (Lauraceae e beta-pineno sobre o crescimento de fungos dematiáceos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Carolina Pessoa Moreira

    2007-03-01

    Full Text Available Dematiaceous moulds are pathogen microorganisms able to act as etiological agents of mycoses with different degrees of severity. This study evaluated the effectiveness of Cinnamomum zeylanicum Blume essential oil and beta-pinene in inhibiting the growth of various strains of dematiaceous moulds (Alternaria brassicola, Cladosporium herbarium, C. resinae, C. cladosporioides, Chaetomum globosum, Curvularia sp., Fonsecaea compacta, Piedraia hortae. Antimicrobial assays were led by determining the Minimum Inhibitory Concentration-MIC using the solid medium diffusion procedure and observing the interference of the MIC values on the mould radial mycelial growth along 14 days. MIC values found to C. zeylanicum essential oil oscillated between 63 and 125 µL/mL. beta-pinene showed MIC value of 125 µL/mL for the most mould strains, however C. resinae and C. globosum were resistant to it in all assayed concentrations. MIC values found to C. zeylanicum essential oil and beta-pinene presented intense fungicidal effect noted by a total inhibition of the mycelial growth of C. cladosporioides and F. compacta along 14 days of exposure. These results showed the intense antimould potential of C. zeylanicum essential oil and beta-pinene which could be regarded in a rational use in pharmaceutical formulations used to treat some mycoses, particularly, those caused by dematiaceous moulds.Os fungos dematiáceos são microrganismos patogênicos capazes de agir como agentes etiológicos de micoses com diferentes graus de severidade. Este estudo avaliou a efetividade do óleo essencial de Cinnamomum zeylanicum Blume e beta-pineno em inibir o crescimento de várias cepas de fungos dematiáceos (Alternaria brassicola, Cladosporium herbarium, C. resinae, C. cladosporioides, Chaetomum globosum, Curvularia, Fonsecaea compacta, Piedraia hortae. Os ensaios antimicrobianos foram conduzidos através da determinação da Concentração Inibitória Mínima-CIM utilizando-se da t

  3. Selection of endophytic fungi from comfrey (Symphytum officinale L. for in vitro biological control of the phytopathogen Sclerotinia sclerotiorum (Lib. Seleção de fungos endofíticos de confrei (Symphytum officinale L., buscando controle biológico in vitro do fitopatógeno Sclerotinia sclerotiorum (Lib.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rafaeli Rocha

    2009-03-01

    Full Text Available Biological control consists of using one organism to attack another that may cause economic damage to crops. Integrated Pest Management (IPM is a very common strategy. The white mold produced by Sclerotiniasclerotiorum (Lib. causes considerable damage to bean crops. This fungus is a soil inhabitant, the symptoms of which are characterized by water-soaked lesions covered by a white cottony fungal growth on the soil surface and/or the host plant. Possible biological control agents taken from plants are being investigated as phytopathogen inhibitors. These are endophytic microorganisms that inhabit the intercellular spaces of vegetal tissues and are often responsible for antimicrobial production. The objective of the present study was to select endophytic fungi isolated from comfrey (Symphytumofficinale L. leaves with in vitro antagonist potential against the phytopathogenic fungus S. sclerotiorum. Twelve isolates of endophytic fungi and a pathogenic strain of S. sclerotiorum were used in the challenge method. With the aid of this method, four endophytes with the best antagonistic activity against S. sclerotiorum were selected. Pathogen growth inhibition zones were considered indicative of antibiosis. The percentages of pathogenic mycelia growth were measured both with and without the antagonist, resulting in growth reductions of 46.7% to 50.0% for S. sclerotiorum. These analyses were performed by evaluating the endophytic/pathogenic mycelia growth in mm/day over an eight-day period of antagonistic tests.O controle biológico consiste no uso de organismos que atacam outros que causam danos a culturas de plantas. Esta é uma estratégia muito utilizada no Controle Integrado de Pragas (CIP. O mofo branco, causado por Sclerotiniasclerotiorum (Lib., causa danos em culturas de feijão. Este fungo é encontrado no solo e seus sintomas são caracterizados por lesões úmidas cobertas por micélios algodonosos, crescidos a partir do solo e/ou da planta

  4. Desenvolvimento do porta-enxerto SO4 de videira afetado pelo número de gemas da estaca e por fungos micorrízicos arbusculares Development of grapevine rootstock SO4 affected by cutting size and arbuscular mycorrhizal fungi

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo Vitor Dutra de Souza

    2004-06-01

    Full Text Available Instalou-se um experimento conduzido em casa de vegetação, Eldorado do Sul, RS, Brasil, no qual estacas do porta-enxerto SO4 (Teleki 4 Sel. Oppenheim (Vitis berlandieri x Vitis riparia com uma, duas ou três gemas foram ou não inoculadas com duas espécies de fungos micorrízicos arbusculares (FMA (Gigaspora margarita e Scutellospora heterogama. Após dez meses de experimento, analisou-se a porcentagem de sobrevivência, o número de folhas e de raízes, peso de matéria fresca e seca da raiz e da parte aérea, e tamanho das brotações. A porcentagem de sobrevivência e o desenvolvimento vegetativo das estacas de SO4 foram diretamente proporcionais ao número de gemas das mesmas, sendo recomendado o uso de estacas com três gemas. Verificou-se que os FMA testados incrementaram o desenvolvimento vegetativo de plântulas de SO4, independentemente da espécie estudada.The effect of two AMF (Gigaspora margarita and Scutellospora heterogama on rooting and vegetative development of SO4 (Vitis berlandieri x Vitis riparia grapevine rootstock with different cutting length (one, two or three buds was evaluated. The number of leafs and roots, the matter weight and dry roots and stems, and the bud size were measured a ten-month period. Both AMF were efficient to increase SO4 rootstock vegetative development. SO4 rootstock survival and vegetative development increased with bud number. Therefore, the use of three buds cutting was recomended.

  5. Incremento no desenvolvimento do porta-enxerto de pessegueiro "Aldrighi" por fungos micorrízicos arbusculares autóctones Development increase of 'Aldrighi' peach rootstocks by indigenous arbuscular mycorrhizal fungi

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Luis da Silva Nunes

    2008-12-01

    Full Text Available Objetivou-se, neste trabalho, avaliar a influência de três espécies de fungos micorrízicos arbusculares (FMA isolados de pomares de pessegueiro sobre o crescimento vegetativo, nutrição mineral e substâncias de reserva em plantas do porta-enxerto de pessegueiro cv. Aldrighi [Prunus persica (L. Batsch]. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos casualizados, com dez plantas por parcela e quatro repetições. As plantas inoculadas com Glomus etunicatum apresentaram maior altura, diâmetro, área foliar, biomassa fresca e seca, nutrição mineral e substâncias de reserva da parte aérea, enquanto as inoculadas com Glomus clarum induziram um crescimento intermediário, superior àquelas inoculadas com Gigaspora margarita, que apresentaram resultados semelhantes às plantas não inoculadas. O desempenho foi relacionado com as taxas de colonização que nas plantas inoculadas com Glomus etunicatum e Glomus clarum foram de 92% e 77% respectivamente, enquanto Gigaspora margarita colonizou somente 30% das raízes.This work aimed to evaluate the influence of three arbuscular mycorrhizal fungi (AMF species on the vegetative growth, mineral nutrition and carbohidrate contents on peach rootstocks cv. Aldrighi [Prunus persica (L. Batsch]. The experimental desing was the one of randomized blocks, with ten plants per plots and four repetitions. Plants inoculated with Glomus etunicatum presented larger stem height, stem diameter, foliar area, fresh and dry shoot biomass, leaf mineral nutrition and carbohidrate contents, while those inoculated with Glomus clarum induced an intermediate growth, higher to those inoculated with Gigaspora margarita that presented results similar to the non inoculated plants. Plant growth performance was related to colonization taxes, which were, respectively, 92%, 77% and 30% to Glomus etunicatum, Glomus clarum and Gigaspora margarita inoculated plants.

  6. Produtividade de linhagens de feijoeiro (Phaseolus vulgaris dos grupos Rosinha e Roxinho resistentes ao fungo da antracnose (Colletotrichum lindemuthianum Productivity of dry bean lines (Phaseolus vulgaris of rosinha and roxinho groups resistant to the anthracnose fungus (Colletotrichum lindemuthianum

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antonio Sidney Pompeu

    1980-01-01

    Full Text Available Visando conhecer a capacidade produtiva de linhagens resistentes ao agente da antracnose e pertencentes aos grupos Rosinha e Roxinho, dezesseis ensaios em blocos ao acaso foram instalados em Campinas, no cultivo das águas de 1977 e 1978, tendo como controles 'Rosinha G2' e 'Roxo-Minas', nos respectivos grupos. A análise estatística dos dados obtidos para as linhagens comuns aos ensaios de 1977 e 1978, mostrou que nenhuma do grupo Rosinha foi superior a Rosinha G2, embora produções médias de 1.876, 1.813 e 1.800kg/ha tenham sido observadas na ausência do patógeno, conseguindo o controle 1.533kg/ha. No grupo Roxinho, oito linhagens, com produções médias de 1.490 a 2.027kg/ha, foram superiores às observadas para o controle 'Roxo-Minas', as quais variaram de 880 a 1.367kg/ha, sem que fosse notada a presença do fungo da antracnose. A interação linhagem x ano não foi significativa, não acontecendo o mesmo com o efeito de ano. As melhores linhagens serão incluídas nos ensaios regionais e algumas terão suas sementes aumentadas em quantidade, para posterior distribuição aos agricultores da região de Campinas.Aiming at the knowledge of yielding capacity of dry bean lines resistant to the anthracnose agent and belonging to the Rosinha and Roxinho groups, sixteen trials in randomized complete-block design were carried out in the Main Experimental Station of Campinas in the rainy season of 1977 and 1978, having 'Rosinha G2' and 'Roxo-Minas' as controls. None of the Rosinha lines outyielded 'Rosinha G2', at the 5% level although high mean yields, around 1,830kg/ha, were observed for some of them in the pathogen absence. On the other hand, 8 lines of 'Roxinho' group were superior to the control 'Roxo-Minas' at the 5% level having mean yields ranging from 1,490 to 2,027 kg/ha, without the presence of the pathogen. The interaction line x year was not significant but the year effect was. The best lines will be included in the regional

  7. Viabilidade de formulação peletizada do fungo nematófago Monacrosporium sinense, no controle biológico de nematóides parasitos gastrintestinais de bezerros Viability of pellet formulation of Monacrosporium sinense as biological control of gastrointestinal nematodes of calves

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A.K. Campos

    2007-02-01

    Full Text Available A viabilidade de uma formulação do fungo Monacrosporium sinense foi avaliada no controle de nematóides parasitos gastrintestinais de bovinos. Dois grupos de 10 bezerros cada um, mestiços Holandês x Zebu, de seis a nove meses de idade, foram colocados em pastagem de Brachiaria brizantha. Em um dos grupos, cada animal recebeu 20g de péletes em matriz de alginato de sódio, contendo massa miceliana do fungo M. sinense via oral, duas vezes por semana, durante seis meses, com início no mês de outubro; no outro grupo, controle, os bezerros não receberam esse tratamento. As contagens de ovos por grama de fezes (OPG e de larvas infectantes por kg de matéria seca foram maiores (PThe viability of a formulation of the fungus Monacrosporium sinense was evaluated as control of bovine gastrointestinal nematodes parasites. Two groups were used and they were made up of 10 Holstein X Zebu crossbred, six to eight-month-old. They were grazing on Brachiaria brizantha pasture. In the treated group, each animal received orally, twice a week 20g of pellets of sodium alginate containing mycelial of the fungus M. sinense, during six months, with the onset in October. In the control group, the calves did not receive that treatment. The counting of eggs per gram of faeces (EPG and the counting of infective larvae per kg of dry matter were higher (P<0.05 in the control group than in the treated group. The difference of the EPG between the groups at the end of the experimental period was 79%. The viability of the pellets germination and the predatory activity of the fungus after the encapsulation were evaluated in vitro. The percentage of pellets with positive culture for fungus varied between 90-100% and the percentage of reduction of infective larvae varied between 90.6-100%. The use of that dose and the periodic application of M. sinense pellets were efficient as control of bovine gastrointestinal nematode parasites.

  8. Trichoderma spp no biocontrole de cylindrocladium candelabrum em mudas de eucalyptus saligna

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Caciara Gonzatto Maciel

    2012-10-01

    Full Text Available Este trabalho teve como objetivo testar os efeitos in vitro e in vivo de bioprotetores à base de Trichoderma spp. no controle do fungo Cylindrocladium candelabrum Viegas. Os testes in vitro (confronto direto e inoculação em folhas destacadas foram compostos pelos seguintes tratamentos: T1 - somente C. candelabrum; T2 - isolado 06006S x C. candelabrum; T3 - isolado 53RR x C. candelabrum; T4 - isolado 5D x C. candelabrum; T5 - Agrotrich® x C. candelabrum; e T6 - Trichodel® x C. candelabrum. Todos os tratamentos foram eficientes inibindo o crescimento do fungo C. candelabrum em confrontação direta, e os isolados de Trichoderma spp. 53RR e 06006S, bem como o produto comercial Trichodel®, controlaram a mancha-foliar em folhas destacadas. Para complementar os testes in vitro, os produtos comerciais Agrotrich® e Trichodel® foram testados em mudas de E. saligna cultivadas em casa de vegetação, com os seguintes tratamentos: T1 - Testemunha: sem inoculação; T2 - inoculação de C. candelabrum; T3 - inoculação de C. candelabrum x Agrotrich®; T4 - inoculação de C. candelabrum x Trichodel®; T5 - somente Agrotrich®; e T6 - somente Trichodel®. Este produto apresentou os melhores resultados na redução dos danos causados pelo patógeno em mudas de E. saligna.

  9. Isolamento e identificação de fungos micorrízicos rizoctonióides associados a três espécies de orquídeas epífitas neotropicais no Brasil Isolation and identification of rhizoctonia-like mycorrhizal fungi associated to three neotropical epiphytic orchid species in Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Olinto Liparini Pereira

    2005-04-01

    Full Text Available Distúrbios causados pelo homem têm resultado no aumento do risco de extinção de diversos táxons de orquídeas nativas da Mata Atlântica no Brasil. Na natureza, orquídeas utilizam obrigatoriamente fungos endomicorrízicos para a germinação de sementes e desenvolvimento da plântula, ao menos nos primeiros estádios do seu ciclo de vida. Assim, fungos micorrízicos associados ao sistema radicular de orquídeas nativas vêm sendo isolados, caracterizados e armazenados para uso em futuros programas de conservação de espécies de orquídeas, por meio da germinação simbiótica. Três isolados de fungos micorrízicos rizoctonióides foram obtidos do sistema radicular de três espécies de orquídeas neotropicais, Gomesa crispa, Campylocentrum organense e Bulbophyllum sp., de três diferentes fragmentos de Mata Atlântica no Brasil. Estudos taxonômicos, baseados na condição nuclear, morfologia da hifa vegetativa e ultra-estrutura do septo dolipórico, revelaram que os isolados pertencem aos gêneros Ceratorhiza e Rhizoctonia. Esse é o primeiro relato do isolamento de fungos micorrízicos associados ao sistema radicular dessas espécies de orquídeas neotropicais. Aspectos relativos à taxonomia e ao uso desses isolados no contexto de um programa de conservação de orquídeas nativas são discutidos.Anthropogenic disturbances have resulted in an increased threat of extinction of many native orchid taxa in Brazil's Atlantic rain forest. In nature, orchids utilize mycorrhizal fungi to initiate seed germination and seedling development, at least in the early stages of their life cycle. Mycorrhizal fungi associated with the roots of orchids have thus been isolated, characterized and stored as important resources for a future conservation program of orchid species through symbiotic seed germination. Three mycorrhizal Rhizoctonia-like fungi were isolated from roots of three neotropical orchid species Gomesa crispa, Campylocentrum organense

  10. Requisitos nutricionais para o fungo Alternaria alternata Nutritional requirements for the fungus Alternaria alternata

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Celia Maria Maganhotto de S. Silva

    1999-03-01

    Full Text Available Uma linhagem de Alternaria alternata (ALT A foi cultivada em meio sintético com diferentes fontes de C, N e vitaminas. O crescimento micelial foi avaliado durante sete dias após a semeadura e a esporulação no décimo dia de incubação. O meio sintético básico suplementado com biotina, NH4Cl e os carboidratos maltose e glicose suportaram um bom crescimento micelial (em média 0,75 cm/dia. Galactose e arabinose induziram significativamente a produção de esporos (mL-1, da ordem de 5,0 x10³ e 4,1 x 10³, respectivamente. Nas diferentes fontes de vitamina e N não houve diferenças significativas quanto ao crescimento micelial e à esporulação.A strain of Alternaria alternata (ALT A was tested using different sources of C, N and vitamins in order to find a medium for its growth and sporulation. The mycelial growth was evaluated for seven days after sowing and the sporulation on the tenth day of incubation. Among various C, N and vitamins compounds tested, highest mycelial growth was achieved with maltose and glucose (C, NH4Cl (N and biotin, with an average ratio of 0.75 cm/day. Sporulation reached highest values with galactose and arabinose (5.0 x 10³ and 4.1 x 10³ conidia mL-1, respectively. Others vitamins and N compounds did not influence the growth and sporulation.

  11. A new species of the fungus-farming ant genus Mycetagroicus Brandão & Mayhé-Nunes (Hymenoptera, Formicidae, Attini Uma nova espécie de formiga cultivadora de fungo, do gênero Mycetagroicus Brandão & Mayhé-Nunes (Hymenoptera, Formicidae, Attini

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Roberto Ferreira Brandão

    2008-09-01

    Full Text Available The fungus-farming ant genus Mycetagroicus Brandão & Mayhé-Nunes was proposed based on three species from the Brazilian "Cerrado": M. cerradensis, M. triangularis and M. urbanus. Here we describe a new species of Attini ant of the genus Mycetagroicus, M. inflatus n. sp., based on two workers collected in eastern Pará State, Brazil. A new key for species identification, comments on differences among species and new geographical distribution data are furnished.O gênero de formigas cultivadoras de fungos, Mycetagroicus Brandão & Mayhé-Nunes, foi proposto com base em três espécies do Cerrado: M. cerradensis, M. triangularis e M. urbanus. Neste trabalho descrevemos uma nova espécie de Attini do gênero Mycetagroicus, M. inflatus n. sp., baseada em duas operárias coletadas no leste do Pará, Brasil. Apresentamos uma nova chave para a identificação das espécies, comentários sobre as diferenças entre as espécies e novos dados sobre a distribuição geográfica.

  12. Antifúngicos em infecções oculares: drogas e vias de administração

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Guilherme Gubert Müller

    2013-04-01

    Full Text Available O tratamento das infecções oculares por fungos representa um desafio à prática oftalmológica. Para obtermos resposta terapêutica adequada, além do uso da droga correta, é necessária a administração desta de forma eficaz. Este manuscrito reúne informações a respeito das principais drogas antifúngicas utilizadas em infecções oculares, suas concentrações e principais vias de administração.

  13. Entomopathogenic fungi isolates to control the borer of yerba mate (Hedypathes betulinus Kluger (Coleoptera; CerambycidaeIsolados de fungos entomopatogênicos visando ao controle da broca da erva-mate (Hedypathes betulinus Kluger (Coleoptera; Cerambycidae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    André Luis Pereira Fanti

    2013-09-01

    Full Text Available Yerba mate is an important crop of southern Brazil, Argentina and Paraguay, with socio-economic and environmental importance. Due the lack of native herbals, yerba mate has become a monoculture, and as a consequence, insects have become pests, and the borer, Hedypathes betulinus, one of the most important. In order to improve biological control in the crop, this work aims to select in laboratory the most virulent, of 32 isolates of the entomopathogenic fungi Beauveria bassiana (Bals. Vuill. and 18 isolates of Metarhizium anisopliae (Metsch. Sorok. Initially, isolates virolence was evaluated by immersing the adults borers in a fungal suspension, containing 1×108 conidia mL-1, and after, those caused highest confirmed mortality were selected for the second step, wherein it was evaluated the virulence, vegetative growth and conidia production in culture medium, rice and borer bodies. Three isolates of B. bassiana (UNIOESTE 4, UNIOESTE 52 and UNIOESTE 64 and one of M. anisopliae (IBCB 352 reached confirmed mortality equal or superior to 90%, these isolates were selected for the second step, together with the standard isolated GC 716 (B. bassiana. The isolated IBCB 352 of M. anisopliae, despite being the only of this species to be selected for the second step, promoted the high confirmed mortality and conidiogenesis in adults borer, indicating a high inoculums production i, being nominated for field evaluations. A erva-mate é uma cultura importante da região sul do Brasil, Argentina e Paraguai, tendo grande importância sócio-econômica e ambiental. Com a escassez de ervais nativos, a cultura da erva-mate passou a ser cultivada em sistema de monocultivo e como consequência, alguns insetos tornaram-se pragas, sendo a broca, Hedypathes betulinus, muito importante. A fim de incrementar o controle biológico na cultura, o objetivo deste trabalho foi selecionar em laboratório os isolados mais virulentos de 32 isolados do fungo entomopatog

  14. Controle de Bipolaris sorokiniana e rendimento de grãos em cevada após aplicação de elicitores e fungicida - DOI: 10.4025/actasciagron.v29i5.749

    OpenAIRE

    Antoniazzi, Noemir; EMBRAPA; Deschamps, Cícero; UFPR

    2008-01-01

    A mancha marrom causada pelo fungo Bipolaris sorokiniana é considerada um dos problemas fitossanitários mais importantes na cevada provocando reduções na produtividade e prejuízos na qualidade cervejeira. O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito dos elicitores goma xantana e alicina e do fungicida epoxiconazole + piraclostrobina no controle da mancha marrom em cevada cervejeira, cultivar BRS 195 em dois ciclos de cultivo. O experimento foi conduzido na Fundação Agrária de Pesquisa Agrop...

  15. Controle de Bipolaris sorokiniana e rendimento de grãos em cevada após aplicação de elicitores e fungicida = Bipolaris sorokiniana control and grain yield in barley after application of elicitors and fungicide

    OpenAIRE

    Noemir Antoniazzi; Cícero Deschamps

    2007-01-01

    A mancha marrom causada pelo fungo Bipolaris sorokiniana é considerada um dos problemas fitossanitários mais importantes na cevada provocando reduções na produtividade e prejuízos na qualidade cervejeira. O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito dos elicitores goma xantana e alicina e do fungicida epoxiconazole + piraclostrobina no controle da mancha marrom em cevada cervejeira, cultivar BRS 195 em dois ciclos de cultivo. O experimento foi conduzido na Fundação Agrária de Pesquisa Agrop...

  16. Paracoccidioidomycosis in wild and domestic animals/ Paracoccidiodomicose em animais silvestres e domésticos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mario Augusto Ono

    2006-06-01

    Full Text Available Paracoccidiodomycosis is the most prevalent systemic mycosis in Latin América, mainly in Brazil. Although many studies have been done about the pathology and diagnosis of this mycosis little is known about the eco-epidemiology of the etiological agent Paracoccidioides brasiliensis. The fungus habitat also is unknown although is thought that the fungus lives as a saprobe in soil. The participation of other animal species in P. brasiliensis ecology is poorly understood and fungus isolation from animals as bat and penguin were not reproducible. The armadillos Dasypus novencinctus probably play a role in the fungus eco-epidemiology taking into account that several isolates were obtained from these animals. Seroepidemiologic studies have shown that dogs are infected by P. brasiliensis mainly in rural areas and recently was reported the first case o natural paracoccidioidomycosis in dogs. The role of other animal species in the eco-epidemiology of P. brasiliensis remains doubtful.A paracoccidioidomicose é a micose sistêmica mais prevalente na América Latina, principalmente no Brasil. Apesar de existirem vários estudos sobre o diagnóstico e patologia dessa micose, pouco se conhece sobre a ecologia do agente etiológico Paracoccidioides brasiliensis. Seu habitat ainda não foi determinado, mas provavelmente o fungo vive saprofiticamente no solo. Há também pouca informação quanto a participação de outras espécies de animais na eco-epidemiologia do fungo e os isolamentos obtidos de animais como morcego e pingüim não foram reprodutíveis. Até o presente, o fungo tem sido isolado com maior freqüência do tatu, Dasypus novencinctus. Estudos soroepidemiológicos demonstraram que a infecção é freqüente em cães, principalmente da área rural e recentemente foi relatado o primeiro caso de paracoccidiodomicose natural em cão. O papel de outras espécies de animais na eco-epidemiologia do fungo ainda não está esclarecido.

  17. Influência da adubação nitrogenada, época de plantio e aerosporos sobre a severidade da mancha de grãos em arroz de terras altas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Valácia Lemes da Silva-Lobo

    2011-09-01

    Full Text Available A mancha de grãos (MG ocupa o segundo lugar em importância econômica entre as doenças do arroz. Foi estudada a influência de níveis de adubação nitrogenada, época de plantio e concentração de esporos no ar sobre a severidade da doença no campo. A severidade de MG, na cultivar BRS Bonança, foi avaliada em duas épocas de plantio (30/11/2006 e 21/12/2006 e cinco doses de adubação nitrogenada (0, 30, 60, 120 e 240 kg de N.ha-1 utilizando o delineamento experimental de blocos ao acaso em esquema de parcelas subdivididas com três repetições. O efeito de dose de N sobre a severidade de MG não foi significativo. A correlação entre a severidade de MG e espiguetas vazias foi positiva e significativa. A população de fungos no ar (aerosporos foi quantificada utilizando armadilhas volumétricas, Rotorod Sampler, desde a emissão até o amadurecimento das panículas. A mancha de grãos aumentou linearmente com tempo (r = 0,98; P < 0,01, o mesmo não ocorreu com o aumento total de fungos que variou de 0,23 a 2,97 esporos/litro de ar/minuto. Os fungos presentes no ar em ordem decrescente de concentração foram Nigrospora sp., Pyricularia oryzae, Pithomyces sp., Alternaria sp., Cercospora sp., Fusarium sp., Curvularia sp. e Bipolaris sp. Estes fungos e Phoma sp. entre outros também foram detectados no teste de sanidade de sementes. A correlação entre a quantidade de esporos de P. oryzae e outros fungos foi linear e positiva (r = 0,80, P < 0,01. O número de esporos aumentou com o aumento da umidade relativa e diminuiu com o aumento da temperatura máxima de maneira exponencial.

  18. PROCESSOS DE GERMINAÇÃO DE ISOLADOS DO FUNGO Zoophthora radicans SOBRE Empoasca kraemeri

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    L.G LEITE

    1996-01-01

    Full Text Available Foram analisados e comparados os processos de germinação dos isolados ARS-1590, ARS-1261 e ARS-1229 de Zoophthora radicans (Brefeld Batko sobre ninfas do 5º ínstar de Empoasca kraemeri (Ross & Moore, 1957 a 20ºC e 100% de umidade relativa (RH. A germinação dos conídios primários dos isolados sobre o inseto iniciou-se dentro do período de duas horas após a inoculação. A produção total de tubos germinativos tendeu a se igualar a de capiloconídios sobre o corpo do hospedeiro, doze horas após a inoculação. A proporção de conídios secundários, dentro das formas geradas pelos conídios primários germinados sobre o inseto, não ultrapassou 25% em qualquer das regiões do corpo.The germination processes of ARS-1590, ARS-1261 and ARS-1229 isolates of Zoophthora radicans (Brefeld Batko on fifth-instar Empoasca kraemeri (Ross & Moore, 1957 nymphs, at 20ºC and 100% relative humidity were investigated and compared. The primary conidia on the insect germinated within two hours after inoculation for all isolates. The total production of germ tubes tended to be equal to that of capilliconidium on the host body, 12 hours after inoculation. The secondary conidia proportion, among the forms produced by the primary conidia on the insect, did not exceed 25% in all body regions.

  19. Variabilidade morfocultural e genética de fungos associados a podridão peduncular do mamão Morphocultural and genetic variability of fungi associated with stem-end rot of papaya

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ângela Pimenta Peres

    2003-10-01

    Full Text Available Objetivou-se, com este trabalho, verificar a variabilidade morfocultural e genética de fungos associados à podridão peduncular do mamão (Carica papaya L.. As avaliações morfoculturais foram feitas pelo índice de crescimento micelial e características das colônias, como coloração e tipo de micélio, quando os isolados foram crescidos em diferentes meios de cultura (BDA, MDA e Czapek. A variabilidade genética foi verificada por meio de análises de AFLP. Os isolamentos foram feitos em frutos obtidos de diferentes regiões produtoras do Brasil. Foram estudados oito isolados de cada uma das três espécies mais incidentes (Colletotrichum gloeosporioides, Phoma caricae-papayae e Fusarium solani. Foi verificado que os meios BDA e MDA promoveram um maior e mais rápido crescimento micelial para a maioria dos isolados testados e houve variações nas colorações das colônias desses isolados nos diferentes meios. A análise de AFLP gerou um total de 339 bandas polimórficas, indicando uma variabilidade genética entre os isolados de cada espécie fúngica, com alguns desses microrganismos formando grupos divergentes dos demais. Não foi observada uma correlação entre características morfológicas e análises de AFLP.The objective of this work was to look at the variability between isolates of the three fungal species, Colletotrichum gloeosporioides, Fusarium solani and Phoma caricae-papayae associated with stem-end rot in papaya fruits (Carica papaya L. which were produced in different regions of Brazil. In one trial, comparisons were made considering morphological and cultural characteristics exhibited by the fungi grown in different media: Potato dextrose agar (PDA, Papaya extract agar (PEA and Czapek. In general, mycelial growth of all fungi was higher in PDA and PEA and no correlation was seen between growth rates and other morphocultural characteristics such as color, colony type and others for all isolates compared. The analysis of

  20. Fungos micorrízicos-arbusculares no desenvolvimento de mudas de helicônia e gérbera micropropagadas Application of arbuscular mycorrhiza to micropropagated heliconia and gerbera plants during acclimatization period

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aurora Yoshiko Sato

    1999-03-01

    Full Text Available Plântulas micropropagadas de helicônia (Heliconia sp gérbera (Gerbera sp de vaso, foram aclimatadas em substrato (torta de filtro 50%, solo 30% e areia 20%, inoculado com três espécies de fungo micorrízico (Glomus clarum Nicolson. & Schenck, Glomus etunicatum Becker & Gerdemann e Gigaspora margarita Becker & Hall e uma mistura destas espécies (inóculo múltiplo. As avaliações quanto ao desenvolvimento da parte aérea e do sistema radicular e porcentagem de colonização, foram feitas aos 60 dias para gérbera e aos 90 dias para helicônia, após transplante. As duas espécies comportaram-se de modo diferente em resposta à micorrização. Glomus etunicatum não colonizou bem nenhuma das duas espécies estudadas. Apesar da elevada colonização, a helicônia não se beneficiou da inoculação, enquanto que a gérbera beneficiou-se da inoculação com G. clarum, G. etunicatum e do inóculo misto.Heliconia (Heliconia sp. and pot gerbera plantlets (Gerbera sp. obtained by in vitro micropropagation on Murashige and Skoog (MS medium were inoculated with 3 vesicular arbuscular mycorrhiza (VAM species and a mixture of three species. A control treatment without inoculation was also included. The plantlets were acclimated in a mixture of soil 30%, sand 20% and "torta de filtro" 50%. The fungal species were Glomus clarum, Glomus etunicatum and Gigaspora margarita. At 60 days for gerbera and 90 days for heliconia after the inoculation, fresh and dry matter of the aerial and root parts were determined, and the percentage of mycorrhizal colonization of the roots was obtained. Both species behaved different to mycorrhization. Glomus etunicatum did not show to be effective in colonization of heliconia and gerbera. Colonization was high, but heliconia did not benefit from this inoculation, however Gerbera was benefited by G. clarum, G. etunicatum and mixture inoculation.

  1. Selection of filamentous fungi of the Beauveria genus able to metabolize quercetin like mammalian cells Seleção de fungos filamentosos do gênero Beauveria capazes de metabolizar quercetina de forma semelhante aos mamíferos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eula Maria de M. B. Costa

    2008-06-01

    Full Text Available Microbial biotransformations constitute an important alternative as models for drug metabolism study in mammalians and have been used for the industrial synthesis of chemicals with pharmaceutical purposes. Several microorganisms with unique biotransformation ability have been found by intensive screening and put in commercial applications. Ten isolates of Beauveria sp genus filamentous fungi, isolated from soil in the central Brazil, and Beauveria bassiana ATCC 7159 were evaluated for their capability of quercetin biotransformation. Biotransformation processes were carried out for 24 up to 96 hours and monitored by mass spectrometry analyses of the culture broth. All strains were able to metabolize quercetin, forming mammalian metabolites. The results were different from those presented by other microorganisms previously utilized, attrackting attention because of the great diversity of reactions. Methylated, sulphated, monoglucuronidated, and glucuronidated conjugated metabolites were simultaneously detected.Biotransformações microbianas constituem uma alternativa importante como modelo para o estudo do metabolismo de medicamentos em mamíferos e são empregadas em processos sintéticos industriais com propósitos farmacêuticos. Diversos microrganismos com potencial para biotransformação têm sido encontrados através de screening intensivo e aplicados comercialmente. Dez cepas de fungos filamentosos do gênero Beauveria, isolados na região central do Brasil, e a cepa Beauveria bassiana ATCC 7159 foram avaliadas quanto à capacidade de biotransformação da quercetina. As reações de biotransformações foram realizadas por um período de 24 a 96 horas, e monitoradas através de espectrometria de massas do meio reacional. Todas as cepas foram capazes de metabolizar a quercetina, formando metabólitos encontrados nos mamíferos. Os resultados foram diferentes dos resultados apresentados por outros microrganismos utilizados anteriormente e

  2. Influencia de fungos micorrizicos arbusculares, sistemas de cultivo e parametros pos-colheita na concentração de esteviosideos e desenvolvimento de Stevia rebaudiana (BERT.) Bertoni

    OpenAIRE

    Edilberto Princi Portugal

    2006-01-01

    Resumo: A Stevia rebaudiana, um arbusto que tem na produção de esteviosídeos seu principal produto de interesse, foi objeto deste trabalho. Considerando sua cadeia produtiva, existem lacunas que necessitam pesquisas, tanto no aspecto agronômico, como o emprego de espécies fúngicas micorrízicas, quanto procedimentos pós-colheita, dos quais a secagem é um dos fatores. O presente trabalho teve como objetivos, identificar uma espécie de fungo micorrízico arbuscular eficiente e sua relação com o d...

  3. Sporulation, radial growth and biomass production of A. robusta and M. thaumasium submitted to different methods of preservation Esporulação, crescimento radial e produção de biomassa dos fungos controladores biológicos A. robusta e M. Thaumasium submetidos a diferentes métodos de preservação

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcelo de Andrade Mota

    2003-06-01

    foram armazenados em temperatura de 4ºC, criopreservados com e sem adição de crioprotetores e em sílica-gel. Os isolados I31 e NF34a não apresentaram variação no crescimento radial quando submetidos a armazenamento em temperatura de 4ºC e congelados com e sem adição de crioprotetores. Não foi evidenciada diferença entre a produção de massa micelial seca dos isolados armazenados em 4ºC e congelados com adição de crioprotetores. A preservação em sílica-gel e o congelamento sem crioproteção demonstraram interferir negativamente na capacidade do fungo em produzir massa micelial. Este comportamento negativo foi evidenciado também na capacidade de esporulação dos isolados. A escolha de um método eficiente de preservação destes microorganismos é uma das formas de se assegurar a capacidade predatória destes isolados após períodos prolongados de manutenção em condições laboratoriais.

  4. Isolados de Dicyma pulvinata em estromas de Microcyclus ulei em seringueira Dicyma pulvinata isolates colonizing Microcyclus ulei stromata in rubber

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sueli Corrêa Marques de Mello

    2006-02-01

    Full Text Available Dicyma pulvinata é um eficiente agente de biocontrole de Microcyclus ulei, causador do mal-das-folhas da seringueira. O objetivo deste trabalho foi obter isolados com grande potencial antagônico. Em levantamentos realizados em 14 municípios produtores de borracha, localizados nos Estados do Acre, Amazonas, Bahia, Mato Grosso, Pará e Rondônia, obtiveram-se 52 isolados de D. pulvinata. O fungo antagônico, isolado diretamente em meio de cultura de batata-dextrose-ágar (BDA, foi identificado com base na morfologia dos conídios e conidióforos e preservado pelos métodos da liofilização, congelamento à temperatura de -80ºC e criopreservação em nitrogênio líquido, a fim de manter as características morfológicas e patogênicas dos isolados. O efeito antagônico foi testado por meio de inoculações de D. pulvinata em lesões de Fusicladium macrosporum induzidas em plantas de seringueira previamente infectadas. Todos os isolados foram incorporados à coleção de fungos da Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia.Dicyma pulvinata is an efficient biocontrol agent of Microcyclus ulei, causal agent of South American leaf blight. The objective of this work was to obtain strongly antagonistic isolates. A survey was carried out in rubber plantations located in 14 municipalities in the Sates of Acre, Amazonas, Bahia, Mato Grosso, Pará and Roraima, Brazil, obtaining 52 isolates of D. pulvinata. The antagonistic fungus was isolated on potato-dextrose-agar (PDA plates and identified based on morphological characteristics of conidiophores and conidia, and colony appearance. The antagonic effect was tested by inoculating D. pulvinata on Fusicladium macrosporum lesions induced on rubber plants, previously. In order to maintain the morphological and pathogenic traits, fungus isolates were preserved by lyophilization, deep freeze (-80ºC and cryogeny. All isolates were introduced into Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia fungus collection.

  5. Fungos micorrízicos arbusculares como indicadores da recuperação de áreas degradadas no nordeste do Brasil Arbuscular mycorrhizal fungi as indicators of the recovery of degraded areas in northeastern Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Romero Francisco Vieira Carneiro

    2012-12-01

    Full Text Available Avaliaram-se atributos dos fungos micorrízicos arbusculares (FMAs na região sob desertificação de Gilbués, PI, Brasil, objetivando monitorar áreas sob diferentes níveis de degradação e recuperação do solo. Amostras de solo foram coletadas na camada de 0-0,2 m, durante o período seco de 2009 em quatro áreas pertencentes a um Argissolo, visualmente definidas como: REC - área em recuperação por contenção da erosão e plantio de gramíneas e leguminosas exóticas; DEG- área altamente degradada; IDEG - área moderadamente degradada; MN - área de vegetação nativa. Foram analisados a colonização radicular, o número mais provável de propágulos infectivos (NMP, índices de diversidade (Shannon-Wiener, diversidade e dominância de Simpson, equitabilidade de Pielou e Margalef e os atributos químicos do solo pH, H+Al, fósforo e matéria orgânica, usados como variáveis explicativas da variabilidade de atributos dos FMAs por meio de análises multivariadas. A colonização radicular e o NMP de propágulos foram superiores em REC. Os índices de Shannon-Wiener, dominância de Simpson e Margalef foram menores na área DEG, demonstrando serem bons indicadores de alterações na comunidade de FMAs em áreas degradadas. Pela análise de agrupamento hierárquico, a área DEG teve maior dissimilaridade em relação às demais. Pela análise por componentes principais, os índices de Shannon-Wiener, Margalef, de Simpson, a dominância de Simpson e os teores de fósforo foram os parâmetros que mais explicaram a variância total.Attributes of arbuscular mycorrhizal fungi (AMF were evaluated in a region in the process of desertification at Gilbués, Piauí, Brazil, with the objective of monitoring areas with different levels of soil degradation and recovery. Soil samples were collected at a depth of 0 to 0.2 m during the dry season of 2009 in four areas of ultisol, which were visually defined as: REC - an area under recovery by erosion

  6. Indolacetic acid production by P-solubilizing microorganisms and interaction with arbuscular mycorrhizal fungi = Produção de ácido indol acético por microorganismos solubilizadores de fosfato e sua interação com fungos micorrízicos arbusculares

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eliane Maria Ribeiro da Silva

    2007-07-01

    Full Text Available Indolacetic acid (IAA production was evaluated under in vitro conditions by five P-solubilizing fungi (PSF, identified as Aspergillus sp. and four P-solubilizing bacteria (PSB of the Enterobacteriaceae family. The bacteria and fungus isolates were incubated in a liquid medium at 28ºC for two and four days, respectively. Moreover, two PSB isolates of the Enterobacteriaceae family (PSB 8 and PSB 56 were evaluated in relation to their abilityto stimulate or inhibit spore germination and hyphal growth of two arbuscular mycorrhizal fungi (AMF species under in vitro conditions. Two assays were carried out in Petri dishes with agar (0.8%, the first using the AMF Gigaspora margarita and the second with the AMFScutellospora sp. The treatments were: inoculation of PSB 8; PSB 56 and uninoculated control. P-solubilizing isolates produced different amounts of IAA and most PSF isolates produced higher IAA than PSB. From the 18th day of incubation of Scutellospora sp., a significant increase in hyphal growth in the treatment inoculated with PSB 8 was observed. In contrast, PSB 56 inhibited the hyphal growth of Gigaspora margarita from the 24th day of incubation.Avaliou-se o potencial de produção de ácido indol acético (AIA in vitro por cinco isolados de fungo solubilizador de fosfato (FSF do gênero Aspergillus sp. e quatro isolados de bactéria solubilizadora de fosfato (BSF da família Enterobacteriaceae. Os isolados de bactéria e fungo foram incubados em meio líquido a 28ºC, por dois e quatro dias, respectivamente. Além disso, dois isolados de BSF da família Enterobacteriaceae (BSF 8 e BSF 56 foram avaliados quanto à capacidade de estimular ou inibir a germinação de esporos e odesenvolvimento micelial de duas espécies de fungos micorrízicos arbusculares (FMAs in vitro. Foram instalados dois ensaios em placas de Petri, contendo agar-água (0,8%; um, utilizando o FMA Gigaspora margarita e o outro, com o FMA Scutellospora sp. Os tratamentosforam

  7. Comportamento de cultivares de manga (Mangifera indica L. em relação à malformação

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ronaldo Posella Zaccaro

    2007-04-01

    Full Text Available A malformação da mangueira causada pelo fungo Fusarium subglutinans Wollenweb & Reinking é provavelmente a doença que mais causa prejuízos à produção de manga no Brasil e em outros países produtores. Esse fungo foi isolado de uma planta-matriz da cultivar Tommy Atkins com avançados sintomas da doença, purificado e preparado para ser inoculado em 15 cultivares de manga nacionais e importadas. Inicialmente, foram inoculadas, em julho de 2000, 10 cultivares: Bourbon IAC - 100, Coração-de-Boi, Keitt, Parvin, Primor de Amoreira, Sensation, Smith, Surpresa, Tommy Atkins e Van Dyke. O segundo grupo foi inoculado em dezembro de 2000, com as cultivares: Adams, Bhadauran, Palmer, Princesa e Zill, e repetiu-se a inoculação com outras mudas das cultivares Primor de Amoreira, Sensation e Tommy Atkins, com a finalidade de se compararem as duas épocas de inoculação. Através dos dados obtidos com as plantas avaliadas nas duas épocas de inoculação, após 11 meses de observações, realizou-se o teste de médias Z para comparar a proporção de plantas doentes entre as cultivares, podendo-se concluir, com os resultados obtidos, que as cultivares Bhadauran, Palmer, Parvin, Sensation, Surpresa, Van Dyke e Zill apresentam menor porcentagem de plantas com sintomas de malformação ou menor progressão de sintomas em relação às outras cultivares inoculadas, para as condições de ambiente protegido em que foram realizados os ensaios.

  8. Resíduos e subprodutos agroindustriais e grãos como substratos para produção do fungo entomapatogênico Lecanicillium lecanii Grain and agroindustrial residue and by-products as substrate for production of the Lecanicillium lecanii entomopathogenic fungus

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Carolina Ribeiro Machado

    2009-09-01

    Full Text Available Lecanicillium lecanii é um fungo promissor no controle biológico de pragas e para sua utilização em campo é necessária a produção de conídios em grande quantidade. Este trabalho objetivou selecionar meios de cultura líquidos feitos com resíduos ou subprodutos agroindustriais e meios sólidos pela mistura de grãos e derivados, visando à produção dos isolados JAB 02 e JAB 45 do fungo. Como substratos líquidos utilizaram-se, em diferentes concentrações, água do cozimento do arroz e da prensa da mandioca, soro de queijo, milhocina®, melaço, vinhaça e leite de levedura da indústria da cana, avaliando-se a esporulação e biomassa. Como substratos sólidos, combinaram-se, em diferentes proporções, trigo grosso, farelos de trigo e de soja com quirela de milho, lentilha e sorgo para JAB 02, e com painço, trigo em grão e lentilha para JAB 45, avaliando-se a produção e viabilidade de conídios. O meio contendo 4% de milhocina® favoreceu a produção de ambos os isolados. Para JAB 02, proporcionaram melhores resultados os meios com 85% de água da prensa da mandioca, 5,5% de melaço e 100% de soro de queijo, além de misturas entre trigo grosso e farelo de trigo com lentilha (70:30% e trigo grosso e farelo de trigo com sorgo (85:15%. Os meios com 100% da água da prensa da mandioca e 85% de soro de queijo, e as misturas entre farelo de trigo e painço (85:15%, trigo grosso e lentilha (55:45% e farelo de trigo com trigo em grão e com lentilha (70:30% favoreceram a produção de JAB 45.Lecanicillium lecanii is a fungus that shows much promise as a biological control agent against plague. To explore this possibility in field conditions conidia would have to be produced in large scale. With this dim, the present study selected substrates that could be used as media for cultivating isolates JAB 02 and JAB 45 from this fungus. Liquid media prepared with agro industrial by-products and residue, and solid media using mixtures of

  9. BOVINE CATTLE FED WITH BRACHIARIA AND ANDROPOGON GRASS: PERFORMANCE, EVALUATION OF THE AMOUNT OF SPORES OF THE PITHOMYCES CHARTARUM FUNGUS AND SAPONINE AMOUNTS BOVINOS ALIMENTADOS COM CAPIM BRACHIARIA E ANDROPOGON: DESEMPENHO, AVALIAÇÃO DA QUANTIDADE DE ESPOROS DO FUNGO PITHOMYCES CHARTARUM E TEOR DE SAPONINA DAS PASTAGENS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mitsue Haragushi

    2009-04-01

    Full Text Available Great percentage of brazilian beef cattle is reared forage based diets, often using high density systems. This contributes for appearance of diseases, amongst such as hepatogenous photosensitivity, whose the ethiology has been under constant debate. This work aims to evaluate the amount of spores of Pithomyces chartarum fungus, the saponine amount in the grasses and the performance of cattle fed Brachiaria or Andropogon grass. 50 Nellore bulls were divided into two groups of 25 animals and each group fed one of the two types of grasses (Brachiaria or Andropogon. They were weighed from weaning to slaughter. The animals fed with Andropogon grass showed better performance especially during the dry season. The carcass dressing revealed a significant difference (p<0.05, respectively, with an average (54.9% for the Andropogon-fed animals and (53.13% for the animals feeding Brachiaria. The Brachiaria grass revealed greater saponine concentrations (0.03% to 1.09% when compared to the Andropogon grass (0.02% to 0.17%. Both types of grass presented approximate average values of P. chartarum with counts varying between 0 to 50000 spores/g of pasture. It was concluded even both types of grasses had spores of P. chartarum and presented protodyosin saponins, the better animal performance  was observed in animals fed with Andropogon grass.

    KEY WORDS: Nelore, sporisdesmin, tropical grasses, weight gain.

    A maior parte do rebanho bovino brasileiro de corte é criado em pastagens, muitas vezes em elevadas taxas de lotação.  Isso contribui para o surgimento de doenças como a fotossensibilização hepatógena, cuja etiologia tem sido amplamente discutida. Este trabalho teve como objetivos avaliar a quantidade de esporos do fungo Pithomyces chartarum, o teor de saponinas das gramíneas e o desempenho de bovinos alimentados com capim Brachiaria e Andropogon. Para tanto, cinquenta bovinos da raça Nelore, distribuídos em dois grupos de 25

  10. Virulence of entomopathogenic fungi against nymphs of Bemisia tabaci (Genn. (Hemiptera: AleyrodidaeVirulência de fungos entomopatogênicos a ninfas de Bemisia tabaci (Genn. (Hemiptera: Aleyrodidae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alfredo Gouvea

    2011-12-01

    L foram pulverizadas sobre ninfas de 3o ínstar aderidas às folhas de couve. Para cada tratamento foram realizadas quatro repetições, com 20 insetos cada. A testemunha constou de água destilada esterilizada + Tween® 80 (0,01%. Avaliou-se o número de ninfas mortas durante sete dias, que foram, posteriormente, mantidas em câmara úmida. Para a estimativa da concentração letal média (CL50 as suspensões dos isolados (1,0 × 105, 1,0 × 106, 1,0 × 107, 1,0 × 108 e 1,0 × 109 conídios/mL foram pulverizadas sobre ninfas de 3o ínstar. Avaliou-se o número de ninfas com mortalidade confirmada pelo fungo. Os isolados B. bassiana Unioeste 47 (84,1% e Isaria sp. IBCB 367 (98,6% não diferiram significativamente entre si, provocando os maiores índices de mortalidade, enquanto o isolado M. anisopliae Esalq 09 provocou a menor mortalidade confirmada (23,2%. A CL50 dos isolados de B. bassiana ficou entre 1,8 × 105 e 4,1 × 105 conídios/mL (Unioeste 57 e Unioeste 47, respectivamente. Dentre os isolados de M. anisopliae, Esalq 09 apresentou maior CL50 (7,8 × 108 conídios/mL, enquanto Unioeste 43 esteve entre as menores (4,3 × 105 conídios/mL. Os isolados de Isaria sp. apresentaram CL50 de 2,5 × 105 e 3,1 × 105 conídios/mL (IBCB 367 e IBCB 394, respectivamente. Neste sentido, os isolados B. bassiana Unioeste 47 e Isaria sp. IBCB 367 apresentam potencial para controle de B. tabaci e para futuros trabalhos em campo.

  11. Potencial herbicida da biomassa e de substâncias químicas produzidas pelo fungo endofítico Pestalotiopsis guepinii Herbicide potential of the biomass and chemical compounds produced by the fungus Pestalotiopsis guepinii

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    L.S. Santos

    2008-01-01

    Full Text Available Muitas substâncias químicas disponíveis na natureza, produzidas por plantas ou por microrganismos, podem oferecer novas e excelentes oportunidades para diversificar o controle de pragas na agricultura e na prática agrícola, e, nesse sentido, os fungos podem contribuir de forma positiva. O objetivo deste trabalho foi caracterizar o potencial inibitório na germinação de sementes e no desenvolvimento de plântulas de duas espécies de plantas daninhas em relação aos extratos e substâncias químicas obtidas da biomassa produzida por Pestalotiopsis guepinii - um fungo endofítico da espécie Virola michelii. Foram desenvolvidos bioensaios em condições controladas de 25 ºC e fotoperíodo de 12 horas, para germinação, e de 25 ºC e fotoperíodo de 24 horas, para desenvolvimento da radícula e do hipocótilo. Os extratos brutos foram analisados em concentração de 1,0% (m/v. Os resultados indicaram os extratos mais polares (MeOH-1 e MeOH-2 como de maior potencial inibitório, porém os efeitos promovidos pelos extratos hexânicos e acetato de etila foram expressivos, especialmente em relação à germinação das sementes. Comparativamente, a germinação das sementes das espécies de plantas daninhas se mostrou mais sensível aos efeitos do que o desenvolvimento das plântulas. Das espécies receptoras, Mimosa pudica (malícia apresentou maior sensibilidade aos efeitos inibitórios dos extratos. Entretanto, na germinação de sementes da espécie Senna obtusifolia (mata-pasto, o extrato MeOH-1 apresentou 100% de inibição. As substâncias ergosterol e peróxido de ergosterol, isoladas do extrato hexânico, quando testadas isoladamente, apresentaram potencial inibitório sempre abaixo dos 35%, não repetindo o potencial inibitório do extrato hexânico, de onde foram isoladas. Quando testadas juntas, não se verificaram aumentos expressivos na atividade herbicida, embora acréscimos na atividade inibitória tenham sido observados

  12. Resistência de painéis aglomerados produzidos com diferentes proporções de madeira e casca de arroz a fungos e cupins xilófagos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rafael Rodolfo de Melo

    2010-09-01

    Full Text Available Foi avaliada a resistência a fungos apodrecedores e a cupins subterrâneos de painéis aglomerados produzidos com diferentes proporções de madeira e casca de arroz. As chapas foram produzidas utilizando a madeira de Eucalyptus grandis com a inclusão de casca de arroz nas proporções de 0, 20, 40, 60, 80 e 100%, utilizando como aglutinante as resinas uréia-formaldeído e tanino-formaldeído. Os resultados obtidos indicaram que, painéis produzidos com casca de arroz geralmente apresentam maior resistência ao ataque de fungos apodrecedores e aos cupins subterrâneos. Painéis colados com tanino-formaldeído foram mais resistentes ao ataque dos térmitas, enquanto que, para os fungos, foi detectada diferença significativa entre o efeito dos adesivos apenas quando submetidas ao ataque de Gloeophyllum trabeum, sendo as chapas produzidas com uréia-formaldeído as mais resistentes. Dentre os fungos, Trametes versicolor proporcionou uma maior perda de massa aos painéis.

  13. Detecção de espécies de Fusarium potencialmente produtoras de Micotoxinas em grãos de milho no Nordeste do Brasil.

    OpenAIRE

    Maruzanete Pereira Melo

    2011-01-01

    O Brasil é o terceiro maior produtor mundial de grãos milho (Zea mays L.), ficando atrás apenas dos Estados Unidos e China. Os agentes causadores de podridões de espiga e colmo são fungos como: Stenocarpella maydis, Fusarium spp e Penicillium oxalicum, merecendo destaque para as espécies de Fusarium, em especial as espécies do complexo Giberrela fujikuroi. As espécies do complexo, frequetemente associado à podridão de colmo e espiga são: Fusarium verticillioides (Gibberella moniliformis), Fus...

  14. Isolamento de Candida parapsilosis em paciente com diagnóstico clínico de candidíase atrófica crônica

    OpenAIRE

    Moreira, Ana Cristina Azevedo; Falcão, Antônio Fernando P.; Andrade, Ana Paula [UNESP; SOUZA, ELISABETE RIBEIRO DE

    2002-01-01

    p.124-128 Espécies do gênero Candida fazem parte da microbiota indígena bucal. Podem causar diferentes tipos de candidoses, quando fatores locais ou sistêmicos interrompem o equilíbrio ecológico, tornando o fungo um patógeno oportunista. A candidíase atrófica crônica ou estomatite por dentadura é freqüente em nosso meio, sendo o principal agente etiológico a Candida albicans. Outras espécies como a Candida parapsilosis, C. tropicalis e C. stellatoidea também podem ser iso...

  15. Detecção de espécies de Fusarium potencialmente produtoras de Micotoxinas em grãos de milho no Nordeste do Brasil.

    OpenAIRE

    Maruzanete Pereira de Melo

    2011-01-01

    O Brasil é o terceiro maior produtor mundial de grãos milho (Zea mays L.), ficando atrás apenas dos Estados Unidos e China. Os agentes causadores de podridões de espiga e colmo são fungos como: Stenocarpella maydis, Fusarium spp e Penicillium oxalicum, merecendo destaque para as espécies de Fusarium, em especial as espécies do complexo Giberrela fujikuroi. As espécies do complexo, frequetemente associado à podridão de colmo e espiga são: Fusarium verticillioides (Gibberella moniliformis), Fus...

  16. A função das anastomoses entre conídios na recombinação genética em Colletotrichum lindemuthianum

    OpenAIRE

    Ishikawa,Francine Hiromi

    2014-01-01

    O Colletotrichum lindemuthianum, agente causal da antracnose do feijoeiro, apresenta ampla variabilidade patogênica e genética, o que tem dificultado o desenvolvimento de cultivares resistentes. Vários são os mecanismos responsáveis pela recombinação genética em fungos filamentosos. Este trabalho foi realizado com os objetivos de otimizar o protocolo para a obtenção e a regeneração de protoplastos, visando à manipulação genética; estudar a biologia dos tubos de anastomoses entre conídios (CAT...

  17. Contaminação fúngica em granola comercial Fungical contamination in commercial granola

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Andréia Dalla Vecchia

    2007-06-01

    Full Text Available O presente trabalho objetivou verificar a ocorrência de fungos produtores de micotoxinas, especialmente dos gêneros Aspergillus, Fusarium e Penicillium, em granola comercializada em Porto Alegre, uma vez que este alimento vem apresentando crescente consumo. Estes fungos filamentosos são evidenciados freqüentemente em cereais, os quais apresentam grande incidência em produtos à base de granola. Amostras de granola foram adquiridas no Mercado Público de Porto Alegre, no período de agosto de 2004 a abril de 2005, nas quatro estações do ano. A coleta baseou-se em quatro amostras de diferentes procedências, duas das quais são comercializadas embaladas e lacradas e duas comercializadas a granel. As análises seguiram os procedimentos descritos pelo Compendium of Methods for Examination of Foods. A identificação dos fungos baseou-se na morfologia macroscópica e microscópica, com auxílio de chaves de identificação. Os resultados evidenciaram a presença dos três gêneros fúngicos, com predominância de Aspergillus em três estações. No verão houve maior desenvolvimento micelial e no outono, menor crescimento de fungos. Os resultados sugerem maior controle e fiscalização, visando eliminar qualquer ocorrência de microrganismos produtores de toxinas em granola.The following work, had the purpose to verify the occurrence of fungi which produce mycotoxin, specially the Aspergillus, Fusarium and Penicillium genus in the granola commercialized in Porto Alegre, once that this food is having an increasing consumption.These fibered fungi are certified frequently in cereals, which are found in the granola (a mix of grains, nuts and dried fruits, sometimes coated with oil and honey, eaten for breakfast or as a snack. Granola samples were acquired in the Public Market of Porto Alegre since August 2004 until April 2005, during the four seasons of the year. The collection was based on four samples of different origins, two of which are

  18. Efeito de pré-cultivos sobre o potencial de inóculo de fungos micorrízicos arbusculares e produção da mandioca Effect of pre-crops on the inoculum potential of arbuscular mycorrhizal fungi and cassava yield

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francisco Adriano de Souza

    1999-10-01

    Full Text Available Avaliou-se o efeito de pré-cultivos com adubos verdes sobre o potencial de inóculo de fungos micorrízicos arbusculares e produção de mandioca (Manihot esculenta, Crantz. O experimento foi conduzido no campo experimental da Embrapa-Centro Nacional de Pesquisa de Agrobiologia (CNPAB, em solo Podzólico Vermelho-Amarelo, localizado no Município de Seropédica, RJ, em parcelas experimentais de 30 m², dispostas em delineamento de blocos casualizados com quatro repetições. Os pré-cultivos constaram de Canavalia ensiformis, Mucuna aterrima, Crotalaria juncea, Cajanus cajan e Sorghum bicolor (BR 005 e o tratamento-controle (solo mantido sem plantas. Após um período de 82 dias de crescimento, sobre as mesmas parcelas cultivou-se mandioca, por oito meses. A produtividade de raízes de mandioca variou de 12,76 a 17,20 t ha-1, porém não foi detectada diferença estatística entre os tratamentos. Foram identificadas 16 espécies de fungos micorrízicos arbusculares e foi constatado que o número de esporos de algumas espécies sofreu alteração da sua freqüência de ocorrência com os cultivos. O pré-cultivo com sorgo aumentou o número de propágulos infectivos em relação ao controle, demonstrando que o uso de espécies de plantas com capacidade para elevar o potencial de inóculo pode ser um bom caminho alternativo para resolver o problema de produção de inóculo para culturas micotróficas em campo.The effect of pre-crops on the inoculum potential (IP of arbuscular mycorrhizal fungi (AMF and yield of cassava was evaluated on a Red-Yellow Podzolic soil in the field. The experiment was carried out at Embrapa-Centro Nacional de Pesquisa de Agrobiologia (CNPAB, Seropédica, RJ, Brazil, in plots with 30 m² arranged in a randomised block design with four replications. As pre-crops, four legume species were used: Canavalia ensiformis, Mucuna aterrina, Crotalaria juncea and Cajanus cajan; and a grass Sorghum bicolor (BR 005 in relation to

  19. Avaliação in vitro da atividade fungitóxica de extratos de condimentos na inibição de fungos isolados de pães artesanais In vitro evaluation of the fungitoxic activity of seasonings on the inhibition of fungi isolated from homemade breads

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rita de Cássia Zanúncio Araujo

    2009-04-01

    Full Text Available Objetivou-se, na presente pesquisa, avaliar a atividade antifúngica in vitro de alho, gengibre, orégano, cravo, canela e tomilho sobre a inibição e o desenvolvimento de Aspergillus ochraceus, Penicillium roqueforti, Rhizopus stolonifer, desenvolvidos em pães artesanais. Para cada planta foram preparados extratos alcólicos (EA10%, EA20% e EA25%, extrato aquoso (EAQ10%, extrator alcoólico puro (EAP e testemunha sem extrato e álcool. Para alho, gengibre, orégano incluiu-se o extrato alcoólico da planta fresca (EAF 10%. Os experimentos foram instalados no Laboratório de Fitopatologia do EcoCentro/EPAMIG, Lavras, MG e no Laboratório de Fitopatologia do Incaper/CRDS-CS, em Domingos Martins, ES. Os tratamentos foram aplicados sobre os fungos inoculados em placas de petri, em meio BDA. Calcularam-se médias do Índice de Velocidade de Crescimento Micelial (IVCM e esporulação. Os EA de plantas desidratadas a 10%, 20% e 25% inibiram totalmente o crescimento micelial dos fungos estudados, com exceção do EA 25% de alho sobre o Penicillium roqueforti e o EA 25% de gengibre sobre o desenvolvimento do Aspergillus ochraceus que não se diferenciaram da testemunha. O EA de alho teve um efeito não inibitório sobre P. roqueforti. Os EA, EAF e EAP apresentaram menor esporulação em relação à testemunha, exceto com gengibre e cravo sobre a esporulação do R. stolonifer e o EAQ apresentou um efeito semelhante ao da testemunha.This research was carried out to evaluate the in vitro anti-fungus activity of alcoholic extracts of garlic, ginger, oregano, clove, cinnamon, and thyme on the inhibition and development of Aspergillus ochraceus, Penicillium roqueforti, and Rhizopus stolonifer, which develop in homemade breads. For each commercial seasoning, alcoholic extracts (AE were prepared (AE10%, AE20% and AE25% as well as aqueous extract (AQE at 10%, pure alcoholic extract (PAE, and control without extract and alcohol. For garlic, ginger and oregano

  20. GREENHOUSE INITIAL GROWTH OF Anadenanthera falcata INOCULATED WITH RHIZOBIA AND MYCHORRIZAL FUNGI = CRESCIMENTO DE MUDAS DE Anadenanthera falcata, EM CASA-DE-VEGETAÇÃO, INOCULADAS COM RIZÓBIO E MICORRIZAS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Olavo Raymundo-Junior

    2006-01-01

    Full Text Available In a study carried out in a greenhouse, seeds of Anadenanthera falcata (Benth. Speg. (angico-do-cerrado were inoculated with rizobia and mycorrhizal fungi spores to test the growth of the plantlets in soil obtained in a deforested area of cerrado “sensu strictu”. The plantlets were monitored monthly for twelve months, measuring height, number of leaves, and diameter of the stalk. The results obtained showed that the double inoculation with rizobia and mycorrhizal fungi improved the formation of nodules in the root system by 341% and the colonization by mycorrhizal/cm of root by 226%. Differences were observed in growth of plants with respect to the height, stalk diameter and dry weight of leaf, stalk and roots when comparing inoculation with rizobia or rizobia + mycorrhizal fungi. = Estudo realizado em casa-de-vegetação, as sementes de Anadenanthera falcata (Benth. Speg. (angico-do-cerrado foram inoculadas com rizóbio e esporos de fungos micorrízicos para testar o crescimento de mudas em solo obtido de uma área desmatada de cerrado “sensu strictu”. As mudas foram monitoradas mensalmente por doze meses, medindo-se altura, número de folhas e diâmetro do caule. Os resultados obtidos mostraram que a dupla inoculação com rizóbio e fungos micorrízicos melhoraram a formação de nódulos no sistema radicular em 341% e a colonização por micorrizas/cm de raiz em 226%. Diferenças foram observadas no crescimento de plantas com respeito à altura, diâmetro do caule e peso seco de folhas, caule e raízes quando comparado inoculação com rizóbio ou rizóbio + fungos micorrízicos.

  1. Detection of antibodies to Paracoccidioides brasiliensis in horses from northern Region of Paraná State / Detecção de anticorpos para Paracoccidioides brasiliensis em cavalos da região norte do Estado do Paraná

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mario Augusto Ono

    2009-07-01

    Full Text Available Paracoccidioidomycosis, caused by the dimorphic fungus Paracoccidioides brasiliensis, is the most prevalent human systemic mycosis in Latin America. Paracoccidioidomycosis affects mainly male rural workers, causing granulomatous lesions in organs such as lungs, liver and spleen. The participation of other animal species in the fungus eco-epidemiology in not well understood. The aim of this study was to evaluate the infection by P. brasiliensis in horses from the Northern Region of Paraná State. The serum samples from 100 horses were assayed by ELISA and Immunodiffusion test, using gp43 and exoantigen as antigens, respectively. A seropositivity of 30% was observed by ELISA test, although all samples were negative by immunodiffusion test. These results suggest that horses can be indicator of fungus presence in the ambient.A paracoccidioidomicose, causada pelo fungo dimórfico Paracoccidioides brasiliensis, é a micose sistêmica de maior prevalência em humanos na América Latina. A paracoccidioidomicose afeta principalmente trabalhadores rurais do sexo masculino, provocando lesões granulomatosas em órgãos como pulmões, fígado e baço. A participação de outras espécies de animais na eco-epidemiologia do fungo não é bem compreendida. Este trabalho teve como objetivo avaliar a infecção por P. brasiliensis em cavalos da Região Norte do Estado do Paraná. Foram analisadas 100 amostras de soros de cavalos por ELISA e por Imunodifusão em gel de agar, utilizando como antígenos a gp43 e o exoantígeno de P. brasiliensis, respectivamente. A soropositividade observada foi de 30% por ELISA enquanto que por imunodifusão todos os soros foram negativos. Os resultados obtidos sugerem que cavalos podem ser indicadores da presença do fungo no meio ambiente.

  2. Análise da contaminação fúngica em amostras de Cassia acutifolia Delile (sene) e Peumus boldus (Molina) Lyons (boldo-do-Chile) comercializadas na cidade de Campinas, Brasil Analysis of the fungal contamination in Cassia acutifolia Delile (sene) and Peumus boldus (Molina) Lyons (boldo-do-Chile) sold in Campinas, Brazil

    OpenAIRE

    Liliana O Rocha; Maria Magali S. R. Soares; Cristiana Leslie Corrêa

    2004-01-01

    A sociedade atual tem buscado a fitoterapia como um importante recurso terapêutico, sendo a avaliação da qualidade microbiológica destes produtos um requisito essencial, considerando a sua origem. Deste modo, o objetivo da pesquisa foi realizar a contagem e a identificação de fungos filamentosos em 20 amostras de folhas de Cassia acutifolia Delile (sene) e de Peumus boldus (Molina) Lyons (boldo-do-Chile) comercializadas em farmácias de manipulação e mercados da cidade de Campinas, Brasil, usa...

  3. Epidemiologia e etiologia das dermatofitoses em Goiânia, GO, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Costa Milce

    2002-01-01

    Full Text Available Os dermatófitos são um grupo de fungos taxonomicamente relacionados que têm a capacidade de invadir os tecidos queratinizados (pele, pêlo e unha dos homens e animais produzindo infecções denominadas dermatofitoses. Com o intuito de avaliar a epidemiologia e etiologia das infecções causadas por estes fungos em Goiânia, GO, foram examinadas no Laboratório de Micologia do Instituto de Patologia Tropical e Saúde Pública da Universidade Federal de Goiás, de janeiro a dezembro de 1999, 1.955 amostras de indivíduos com suspeita clínica de dermatofitoses. Foram isolados 445 (22,8% cepas de dermatófitos e identificados principalmente Trichophyton rubrum (49,4%, Trichophyton mentagrophytes (30,8% e Microsporum canis (12,6%. Quanto à localização das lesões, os membros inferiores, unhas dos pés e couro cabeludo foram as regiões mais acometidas. Neste estudo foram avaliados dados correlacionados a sexo, faixa etária, local das lesões e agente etiológico.

  4. External development of the entomopathogenic fungi Beauveria bassiana and Metarhizium anisopliae in the subterranean termite Heterotermes tenuis Desenvolvimento dos fungos entomopatogênicos Beauveria bassiana E Metarhizium anisopliae no cupim subterrâneo Heterotermes tenuis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alcides Moino Jr.

    2002-06-01

    ao efeito do comportamento dos insetos sobre entomopatógenos. O objetivo deste trabalho foi descrever o desenvolvimento de Beauveria bassiana e Metarhizium anisopliae sobre H. tenuis por meio da Microscopia Eletrônica de Varredura (MEV, determinando a duração das fases de infecção fúngica. Também foram avaliadas duas técnicas de fixação para o preparo de amostras para MEV. Operários de H. tenuis foram inoculados com suspensões fúngicas de 1 x 10(9 conídios mL-1 e mantidos a 25 ± 1ºC e umidade relativa de 70 ± 10%. Foram coletados insetos de 0 a 144 horas após a inoculação e preparados pelas duas técnicas de fixação. Foram comparados os resultados obtidos com as duas técnicas e estimadas e comparadas as durações das fases do processo de infecção para três isolados fúngicos por meio de observações em MEV. B. bassiana e M. anisopliae têm ciclos de desenvolvimento semelhantes sobre H. tenuis, mas algumas diferenças importantes existem. As fases de penetração, colonização e conidiogênese são relativamente mais rápidas para M. anisopliae que para B. bassiana, o que resulta em uma taxa mais rápida de mortalidade do inseto. A técnica de fixação com vapor de OsO4 é satisfatória para preparação de insetos para observação do desenvolvimento de fungos entomopatogênicos em MEV.

  5. Crescimento, parâmetros biofísicos e aspectos anatômicos de plantas jovens de seringueira inoculadas com fungo micorrízico arbuscular Glomus clarum Growth, biophysical parameters and anatomical aspects of young rubber tree plants inoculated with arbuscular mycorrhizal fungi Glomus clarum

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patrícia Fabian de Araújo Diniz

    2010-03-01

    Full Text Available Fungos micorrízicos são reconhecidamente benéficos quando em associação às plantas por favorecerem seu crescimento e desenvolvimento. Apesar de pouco comum para a seringueira, a inoculação artificial de fungos micorrízicos arbusculares (FMAs tem se mostrado uma alternativa para a redução no uso de fertilizantes e pesticidas nas culturas, bem como para a formação de mudas, visando obtenção de porta-enxertos precoces e bem nutridos. O estudo objetivou avaliar o efeito da inoculação do FMA Glomus clarum no crescimento e características biofísicas e anatômicas de plantas jovens de seringueira. Os tratamentos consistiram de plantas inoculadas com o fungo Glomus clarum adubadas com 50 ppm de fósforo (mic+50P, plantas não inoculadas adubadas com 50 ppm de fósforo (s/mic+50P e plantas não inoculadas adubadas com 500 ppm de fósforo (s/mic+500P. Constatou-se que as plantas micorrizadas apresentaram altura e diâmetro dos caules, matéria seca da parte aérea, densidade estomática e área foliar, semelhantes às plantas s/mic+500P. Maior acúmulo de matéria seca de raiz, maior taxa de transpiração, menor resistência estomática e menor temperatura foliar foram observadas para as plantas micorrizadas. As análises anatômicas das raízes evidenciam a ocorrência de alterações no tecido vascular, com aumento no número de pólos de xilema das raízes das plantas micorrizadas.Mycorrhizal fungi are beneficial when associated with plants because they favor growth and develop. Although infrequent, artificia