WorldWideScience

Sample records for frutos da bananeira

  1. Crescimento, produção e qualidade de frutos da bananeira 'Figo cinza', em Botucatu-SP Growth, yield and quality of 'Figo cinza' banana fruits in Botucatu-SP

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Dayana Portes Ramos

    2009-09-01

    Full Text Available A bananeira Figo Cinza é uma cultivar do grupo ABB, subgrupo Figo, que apresenta tolerância ao mal-do-panamá e às sigatokas amarela e negra, demonstrando ser uma cultivar interessante para programas de melhoramento genético. Devido a isso, o presente trabalho teve como objetivo avaliar características do 1º ciclo da planta, como o crescimento, produção e atributos físico-químicos dos frutos dessa cultivar, no município de Botucatu-SP. Foram avaliadas as seguintes características de crescimento: altura de plantas, circunferência do pseudocaule e número de folhas, medidas na época de emissão da inflorescência; número de dias entre o plantio e o florescimento, número de dias entre o florescimento e a colheita, e número de dias do plantio à colheita. Também foram mensuradas as seguintes características de produção: peso do cacho, número de frutos, peso médio dos frutos, número de pencas e produtividade; na 2ª penca foram avaliados peso, número, comprimento e diâmetro dos frutos. Os atributos fisico-químicos analisados foram: textura, pH, acidez titulável, sólidos solúveis, açúcares totais, amido e teor de potássio. Foi utilizado o método das estatísticas descritivas para a caracterização da cultivar, através dos cálculos das médias. Os resultados mostraram que 'Figo Cinza' apresentou porte médio (2,9 m, ciclo de 420 dias, produtividade média de 12,74 t ha -1 e frutos com baixa acidez (0,06%.'Figo Cinza' is a cultivar of the genomic group ABB, Figo subgroup, which provides tolerance to Panama and Sigatoka diseases that may be useful in genetic breeding programs. Then, this work aimed to evaluate the plants growth, production and also the physical and chemical characteristics of the fruits from this cultivar in Botucatu city, São Paulo state, Brazil. Some growth characteristics were evaluated such as: plant height, the pseudostem circumference, number of leaves, number of days between planting and

  2. Densidade de plantio na produtividade e nos teores de nutrientes nas folhas e frutos da bananeira cv. Thap Maeo Plants density on yield and nutrients concentration in leaves and fruits of banana cv. Thap Maeo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adônis Moreira

    2007-01-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi avaliar o efeito da densidade de plantio na produtividade, tempo de colheita e teores dos nutrientes nas folhas e nos frutos de bananeira cv. Thap Maeo (AAB cultivada em Manaus (AM. O delineamento experimental foi o de blocos casualizados, com três repetições. Os tratamentos foram constituídos pelos fatores: três densidades de plantio (1.111; 1.667 e 3.333 plantas ha-1 e duas épocas de colheita (primeiro e segundo ciclos. Os resultados do primeiro e segundo ciclos mostraram incremento significativo da produtividade, com aumento da densidade de plantio. O tempo médio para colheita dos cachos foi menor na densidade de 1.111 plantas ha-1 (1º ciclo, 338 e 2º ciclo, 401 dias. Na média das densidades e independentemente do ciclo, os teores de macronutrientes nos frutos apresentaram a ordem de: K>N>P>Mg>Ca=S, enquanto a dos micronutrientes foi: 1º ciclo - Cl>Fe>Mn=B>Zn>Cu e 2º ciclo - Cl>Fe>Zn>B=Mn>Cu.This study aimed to evaluate the effect of plants density on yield, period of harvest and nutrients concentration in leaves and fruits of banana cv. Thap Maeo (AAB, cultivated in Manaus, State of Amazonas, Brazil. The experiment was conduced in a randomized blocks, with three replicates. Treatments were comprised of planting density (1,111; 1,667 and 3,333 plants ha-1, and two cycles of harvest (sub treatments. The results obtained from 1st cycle and 2nd cycle showed significant increase in the yield per unit area as the employed plant density increased. The shortest average period to harvest banana bunches (1st cycle, 338 days and 2nd cycle, 401 days was observed for the lower density (1,111 plants ha-1. Pooled data of density and cycles showed that exportation of macronutrients through the fruits was, in order: K>N>P>Mg>Ca=S, while in micronutrients was: 1st cycle - Cl>Fe>Mn=B>Zn>Cu, and 2nd cycle - Cl>Fe>Zn>B=Mn>Cu.

  3. CARACTERIZAÇÃO FÍSICO-QUÍMICA E AVALIAÇÃO SENSORIAL DOS FRUTOS DE BANANEIRA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Manoel Euzebio Souza

    2013-11-01

    Full Text Available O presente trabalho teve como objetivo avaliar as características físico-químicas, bem como a aceitação sensorial de frutos de genótipos de bananeira em Botucatu/SP. As características avaliadas foram: textura, pH, acidez titulável, sólidos solúveis,  açúcares redutores totais, amido, teores de potássio e aceitação sensorial. Para a determinação das análises foram escolhidos 5  frutos da 2a penca do cacho. O delineamento adotado foi o inteiramente casualisado, com 11 tratamentos (genótipos e cinco repetições. Para cada repetição foram utilizados 5 frutos. Conforme os tratamentos empregados, no grupo AAA, o cultivar  Caipira  apresentou  os  maiores teores de potássio  (7,24 g.kg-1, contudo menor  aceitação, evidenciada pela avaliação global  (AVG, sendo  os maiores teores de sólidos solúveis observados na bananeira (6,33 ºBrix. O cultivar Prata Zulu do grupo AAB destacou-se em relação aos demais cultivares do mesmo grupo, apresentando  maiores teores de açúcares (0,49%, amido  (34,40%  e baixa acidez (0,12% de ácido málico. Para o grupo AAAB, ‘Fhia 18’ apresentou maiores teores de açúcares (0,60% e ‘Prata Graúda’ foi a mais aceita entre todos os grupos genômicos.Palavra-chave: Musa spp, genótipos, qualidade, aceitação sensorial.PHYSICAL-CHEMICAL CHARACTERIZATION AND SENSORIAL EVALUATION OF BANANA FRUITS ABSTRACTThis study aimed to evaluate the physical-chemical characteristics as well as sensorial acceptance of banana fruits genotypes in Botucatu/SP. The characteristics evaluated were: texture, PH, titratable acidity, soluble solids,  total  sugar, starch, potassium contents and sensorial acceptance. For the analysis were selected five fruits from the second bunch. The experimental design was completely randomized. There were eleven treatments (genotypes, five repetitions and two usable plants per plot. According to results in the AAA group, the ‘Caipira’ cultivar presented

  4. Influência de diferentes níveis de desfolha na produção e qualidade dos frutos da bananeira 'Prata-Anã' Influence of different defoliation levels on the production and quality of 'Prata-Anã' banana fruits

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Geralda Vilela Rodrigues

    2009-09-01

    Full Text Available A desfolha da bananeira, de forma técnica, é uma prática agrícola que deve ser realizada periodicamente, objetivando eliminar aquelas cuja atividade fotossintética não atenda às exigências fisiológicas da planta, trazendo, entre outras vantagens, facilitar o controle de doenças. No caso das manchas das sigatokas, a eliminação de folhas atacadas é uma importante ferramenta auxiliar de seu controle, por reduzir a fonte de inóculo secundário, contudo deve ser feita com critério para não provocar danos mais graves que os causados pela própria doença. Sabe-se que as bananeiras do subgrupo Cavendish necessitam de, no mínimo, 11 e 8 folhas inteiras no momento da floração e da colheita, respectivamente, para produzir os fotoassimilados necessários para o adequado desenvolvimento do cacho, porém para bananeiras 'Prata-Anã' desconhece-se esse valor. Para evitar equívocos no manejo da 'Prata-Anã', avaliou-se por cinco ciclos produtivos consecutivos, o efeito de diferentes níveis de desfolha sobre a produção, definindo melhor relação nível de desfolha/ produção. Os tratamentos consistiram na manutenção de 4; 6; 8; 10; 12 e 14 folhas por planta, além da testemunha (onde se retiraram apenas as folhas secas e quebradas. A massa dos cachos foi maior nas plantas mantidas com um mínimo de 12 folhas, assim como a maioria das características relacionadas à produção. Um adequado número de pencas e de frutos, assim como a maioria das características das pencas, ocorreu quando pelo menos 10 folhas permaneceram por planta. As desfolhas mais acentuadas, deixando-se apenas 4; 6; 8 ou 10 folhas por planta, ao diminuir folhas velhas infestadas com doenças, principalmente sigatoka, permitiram maior preservação das folhas remanescentes nas plantas. Quando não se fez desfolha ou se deixou 12 ou 14 folhas por planta, verificou-se maior desfolha natural (redução no número de folhas sem que essas tenham sido retiradas

  5. Qualidade da produção da bananeira Nanicão em função do uso de biofertilizantes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José G. R. dos Santos

    2014-04-01

    Full Text Available Com esta pesquisa objetivou-se estudar os efeitos de 5 doses de 4 diferentes tipos de biofertilizante na produção da bananeira Nanicão, em 3 ciclos sucessivos. O experimento foi conduzido em condições de campo, na Escola Agrotécnica do Cajueiro, no município de Catolé do Rocha, estado da Paraíba, Brasil. O solo da área é classificado como Neossolo Flúvico, com textura franco arenosa. O experimento foi conduzido entre os meses de junho de 2008 a junho de 2011. O delineamento experimental adotado foi o de blocos casualizados com 20 tratamentos no esquema fatorial 5x4 (doses x tipos de biofertilizantes, com quatro repetições. Os resultados mostram que os tipos de biofertilizante não afetaram as variáveis de qualidade da produção; o comprimento e o diâmetro do fruto aumentaram com o incremento da dose de biofertilizante até limites ótimos; o comprimento do fruto das plantas do segundo ciclo foi superior ao das plantas dos primeiro e terceiro ciclos; o diâmetro do fruto das plantas do segundo ciclo foi superior ao das plantas dos primeiro e terceiro ciclos e os valores de ºBrix e de pH da polpa do fruto não foram afetados pelas doses de biofertilizante aplicadas.

  6. Qualidade sensorial de frutos de híbridos de bananeira cultivar Pacovan

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    MATSUURA FERNANDO CÉSAR AKIRA URBANO

    2002-01-01

    Full Text Available O objetivo desse experimento foi avaliar a aceitação sensorial dos híbridos PV03-44 e PV03-76, provenientes do parental feminino cultivar Pacovan e selecionados pela Embrapa Mandioca e Fruticultura. Os atributos aroma, sabor, textura e cor foram avaliados por meio de teste de aceitação, utilizando-se de escala hedônica de 9 pontos, com frutos servidos na forma de rodelas de 1,5 cm de espessura. Análises de pH, sólidos solúveis totais, acidez total titulável, açúcares totais e redutores e amido também foram realizadas. Os frutos apresentaram valores de pH na faixa de 4,3 a 4,5, acidez total titulável (% ácido málico de 0,53 a 0,64, sólidos solúveis totais (% de 22,2 a 27,4, açúcares totais (% de 15,0 a 24,3, açúcares redutores (% de 10,7 a 12,4 e amido (% de 2,1 a 3,2. Os resultados da análise sensorial mostraram os maiores valores para a cultivar Pacovan quanto aos atributos de sabor, textura e cor, com valores de 7,0; 6,8 e 7,8, respectivamente, posicionando-se entre os termos "gostei regularmente" e "gostei muito", na escala hedônica de 9 pontos. Os híbridos PV03-76 e PV03-44 apresentaram resultados similares entre si e significativamente inferiores aos da cultivar Pacovan para os atributos sabor e cor. Conclui-se pela aceitação sensorial satisfatória, exceto para o atributo cor, dos híbridos PV03-44 e PV03-76.

  7. Influencia da aplicação de biofertilizantes na qualidade da produção da bananeira nanica (1º ciclo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pedro B. Torres

    2014-04-01

    Full Text Available A agricultura orgânica é baseada em um sistema holístico, compatibilizando a produção de alimentos sem a utilização de insumos químicos na lavoura, aliado ao baixo custo de produção. Objetivou-se estudar os efeitos de tipos e doses de biofertilizantes na qualidade da produção da bananeira nanica (1º ciclo. Utilizou-se 5 tipos de biofertilizante e 10 doses de biofertilizantes (0; 0,3; 0,6; 0,9; 1,2; 1,5; 1,8; 2,1; 2,4 e 2,7 L planta-1 aplicação-1. A pesquisa foi conduzida, em condições de campo, no período de 20 de março de 2010 à maio de 2011, no CCHA da Universidade Estadual daParaíba, Campus Catolé do Rocha-PB. O delineamento experimental adotado foi o de blocos casualizados, com 50 tratamentos, no esquema fatorial 5 x 10, com quatro repetições, totalizando 200 plantas experimentais. Os maiores valores de diâmetro do fruto médio e diâmetro da polpa do fruto médio foram obtidos com a dose máxima de 2,7 L planta-1/aplicação-1 biofertilizante B1; O valor máximo do ºBrix da polpa do fruto médio foi obtido com a dose ótima do biofertilizante B4 (1,52 L planta-1/aplicação-1.

  8. Produção da bananeira nanica (1º ciclo em função da aplicação de doses de biofertilizantes líquidos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliara dos Santos Silva Araujo

    2014-05-01

    Full Text Available Objetivou-se com este trabalho, estudar os efeitos de 5 tipos e 10 doses de biofertilizantes na produção da bananeira Nanica (1º ciclo. O experimento foi conduzido, em condições de campo, no CCHA, pertencente a Universidade Estadual da Paraíba-UEPB, Campus Catolé do Rocha-PB. O delineamento experimental adotado foi o de blocos casualizados, com 50 tratamentos, no esquema fatorial 5 x 10, com quatro repetições, totalizando 200 parcelas experimentais. O valor do número de frutos por planta aumentou com o incremento da dose do biofertilizante B4 até um limite ótimo; o peso total de pencas por cacho aumentou linearmente com o incremento da dose de biofertilizante, atingindo o valor maior máximo na dose máxima; o peso médio de penca aumentou linearmente com o incremento da dose do biofertilizante B2, atingindo o maior valor na dose máxima; o peso médio do fruto e o peso do fruto médio aumentaram linearmente com o aumento da dose do biofertilizante B5, atingindo os maiores valores na dose máxima; a aplicação de (B5 proporcionou maior peso médio do fruto e peso do fruto médio.

  9. Desenvolvimento e produção da bananeira 'grande naine' sob diferentes densidades de plantio em região com ocorrência natural de sigatoka-negra

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edson Shigueaki Nomura

    2013-06-01

    Full Text Available A alta densidade de plantio de algumas cultivares de bananeira é uma prática utilizável para aumentar a produtividade, sobretudo em regiões afetadas pela Sigatoka. Este trabalho objetivou avaliar o desenvolvimento e a produção de bananeiras 'Grande Naine' cultivadas em diferentes densidades de plantio para a convivência com a Sigatoka-Negra no Vale do Ribeira-SP. Para isso, foi instalado pomar de bananeiras produzidas in vitro da 'Grande Naine', em delineamento inteiramente ao acaso, em esquema fatorial 5 x 2, sendo cinco densidades (2.500; 2.222; 2.000; 1.667 e 1.111 plantas.ha-1 e dois ciclos de produção. A severidade da Sigatoka-Negra foi monitorada semanalmente, utilizando o método de Estado da Evolução (EE e para o seu controle foram definidas pela segunda progressão consecutiva da severidade e/ou aumento superior a 200 pontos de uma semana para a outra. De cada parcela, oito plantas foram avaliadas quanto à altura, diâmetro do pseudocaule, número de folhas ativas no florescimento e na colheita, massa fresca dos frutos comercializáveis, produtividade, número de pencas e frutos no cacho, massa fresca total e por frutos da 2ª penca, comprimento e diâmetro de frutos da 2ª penca. Os dados foram submetidos à análise de variância pelo teste F, e as médias, quando significativas, foram comparadas pelo teste de Tukey (5% de probabilidade. Diante das condições experimentais, conclui-se que o adensamento não influenciou no desenvolvimento em altura da planta e no diâmetro do pseudocaule de bananeira 'Grande Naine'. O adensamento de plantas proporcionou maiores produtividades de bananeira 'Grande Naine' nas condições do Vale do Ribera-SP.

  10. SUSCETIBILIDADE VARIETAL DE FRUTOS DE BANANEIRA AO FRIO COLD DAMAGE IN BANANAS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    LUIZ ALBERTO LICHTEMBERG

    2001-12-01

    Full Text Available No Sul do Brasil, os danos causados pelo frio depreciam a qualidade da banana que permanece no campo durante o outono e inverno, dificultando a sua comercialização. Visando a verificar diferenças entre cultivares quanto à resistência ao frio no campo e em pós-colheita, foram realizados três experimentos em Itajaí-SC. No primeiro, foram avaliados os danos de frio em 13 cultivares do grupo AAA, 7 cultivares do grupo AAB, 6 híbridos do grupo AAAB e 1 cultivar do grupo ABB, em cachos colhidos em outubro de 1997. No segundo experimento, foram avaliados danos de frio em cultivares dos grupos AAA, AAB, ABB e AAAB, em cachos colhidos de 07-05-99 a 27-08-99. No terceiro experimento, foram avaliados danos de frio em bananas de quatro cultivares, armazenadas a 10°C, durante 5, 10 e 20 dias. O genoma B conferiu maior resistência da fruta às baixas temperaturas, tanto a campo quanto na armazenagem. Verificaram-se diferenças quanto a danos de frio tanto entre grupos genômicos, quanto entre cultivares do mesmo grupo. A maior resistência às baixas temperaturas pode permitir o transporte de bananas dos grupos AAB, ABB e AAAB a longas distâncias, em temperaturas inferiores a 12°C.In Southern Brazil, banana bunches that remain in the field during the Fall and Winter are subject to cold damage. Three experiments were carried out in Itajaí, SC, Brazil, with the purpose of investigating the differences among banana cultivars as to their resistance to cold damage. In the first experiment, 13 AAA group cultivars, 7 AAB group cultivars, 6 AAAB hybrids and 1 ABB group cultivar were evaluated as to the level of cold damage. The second experiment evaluated banana bunches of cultivars of AAA, AAB, ABB, and AAAB groups, harvested from May 07/99 to August 27/99. The third experiment examined cold damage to banana clusters stored at 10°C during 5, 10 and 20 days. The B genome appeared to confer the greatest cold resistance to banana fruits, both in the

  11. Torta de mamona no controle da broca-do-rizoma (Cosmopolites sordidus em bananeira-Terra

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leila Cristina Rosa de Lins

    2013-06-01

    Full Text Available Objetivou-se avaliar o efeito da torta de mamona sobre a infestação por Cosmopolites sordidus e o desenvolvimento de mudas de bananeira cultivar Terra. Avaliaram-se diferentes dosagens da torta de mamona (0 g, 12 g, 15 g, 18 g e 24 g aplicadas a cada dois meses, a partir do plantio em mudas de bananeira dispostas num delineamento inteiramente casualizado, com dez repetições. Avaliou-se a evolução vegetativa das mudas pela altura da planta, pelo diâmetro do pseudocaule e pelo número de folhas verdes. Efetuou-se a infestação das plantas com 25 adultos de C. sordidus em cada muda. Os danos causados foram avaliados por meio da percentagem de galerias no rizoma, número de adultos vivos e mortos, número de larvas e número de pupas. Determinou-se também o efeito dos tratamentos sobre o valor de absorbância relativo ao teor de clorofila nas folhas por meio do uso de um clorofilômetro. Observou-se baixa infestação da broca-do-rizoma nas mudas tratadas com a torta de mamona. O crescimento e a absorbância foram afetados positivamente pela aplicação da torta de mamona. Assim, a torta de mamona reduz a população de C. sordidus nos rizomas de bananeira cv. Terra, favorece o crescimento das plantas e aumenta o valor de absorbância.

  12. Características físico-quimicas, análise sensorial e conservação de frutos de cultivares de bananeira resistentes à sigatoca-negra

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Célia Lúcia Siqueira

    2010-10-01

    Full Text Available O cultivar Prata Anã é o mais plantada no Norte de Minas Gerais, o que demonstra estar a bananicultura regional baseada numa variedade suscetível à sigatoca-negra. Apesar de existirem cultivares resistentes em fase de recomendação para o cultivo na região, ainda são escassos os trabalhos relacionados a metodologias de conservação pós-colheita. Assim, o objetivo deste trabalho foi avaliar o período de armazenamento e as características físico-químicas e sensoriais dos cultivares de bananeira Fhia - 02 e Precioso, ambos resistentes à sigatoca-negra, e o efeito da atmosfera modificada associada à refrigeração. Foram realizados três experimentos, o primeiro em temperatura ambiente, o segundo a 12 ºC e o terceiro a 15 ºC. Esses experimentos foram instalados no delineamento em blocos casualizados em esquema de parcelas subdivididas no tempo, tendo nas parcelas um fatorial 2 (com e sem embalagem x 2 (Fhia - 02 e Precioso e nas subparcelas as avaliações em intervalo de seis e dois dias para frutos armazenados nas temperaturas de 12, 15 e 25 ºC, com quatro repetições e três frutos por unidade experimental. Após o tratamento, os frutos foram dispostos em bandejas de poliestireno expandido (sem embalagem e embalagens de 10 e 16 µm e umidade relativa de 90%. As características avaliadas foram: tamanho, diâmetro, cor, firmeza, perda de matéria fresca, sólidos solúveis totais (SST, acidez total titulável (ATT, SST/ATT, pH e análise sensorial. O uso da embalagem associada à refrigeração permitiu armazenar os frutos por 28 dias, mantendo as características físico-químicas.

  13. Produção e caracterização de frutos de bananeira 'Prata-Anã'e 'Prata-Zulu' Production and characterization of 'Prata Anã'and 'Prata Zulu' banana fruits

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Erval Rafael Damatto Júnior

    2005-12-01

    Full Text Available O trabalho objetivou comparar o ciclo cultural e a produção, além de avaliar atributos físico-químicos e sensoriais de frutos de bananeiras das cultivares Prata-Anã e Prata-Zulu, nas condições de Botucatu-SP. Foram avaliadas as seguintes características em campo: número de dias entre o plantio e o florescimento; número de dias entre o florescimento e a colheita; ciclo; peso do cacho; número de frutos por cacho; número de pencas por cacho; peso, número de frutos, comprimento e diâmetro dos frutos da 2ª penca. As análises físico-químicas foram realizadas no dia da colheita e a cada 3 dias, num período de 12 dias, sendo determinados: perda de massa, firmeza, relação polpa/casca, pH, acidez total titulável, e sólidos solúveis totais. Na análise sensorial, avaliou-se a aceitação dos atributos sabor, textura, aparência, aroma e apreciação geral dos frutos. Com os resultados obtidos, verificou-se que a cultivar Prata-Zulu apresentou produção bastante superior à 'Prata-Anã', o que indica ser uma cultivar com boas características agronômicas. Apesar de a cultivar Prata-Zulu apresentar maior perda de massa e menor firmeza, apresentou como vantagem frutos mais doces (maior SST; mesmo assim, a preferência do consumidor é pela 'Prata-Anã', que apresenta como principal vantagem as dimensões do fruto, que são menores, tornando-se assim mais práticos para o consumo.This work aimed to compare the cultural cycle, production and evaluate physic chemistry and sensorial characteristics of banana fruits Prata Anã and Prata Zulu cultivars, produced in Botucatu-SP. It was evaluated the following field characteristics: days between planting and blooming; days between blooming and harvest, cycle; bunch weight; number of fruits in the bunch; number of hands in the bunch; weight, number of fruits, fruits length; and fruits diameter in the 2nd hand. The physics chemistry analyses were realized in the harvest day and every 3 days

  14. Avaliação de banana-passa obtida de frutos de diferentes genótipos de bananeira Evaluation of dehydrated banana obtained from fruits of different genotypes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sandra Cerqueira de Jesus

    2005-06-01

    Full Text Available A industrialização pode ser uma opção para o aproveitamento de excedentes de produção e de frutos com aparência comprometida para consumo in natura, ao proporcionar aumento da vida-de-prateleira e agregação de valor ao produto. Frutos de diferentes variedades de bananeira (Musa spp., obtidas em programas de melhoramento genético, podem apresentar características diferenciadas no que se refere à adequação à determinada forma de processamento. O objetivo deste trabalho foi avaliar o produto banana-passa, obtido a partir de frutos de diferentes genótipos de bananeira. Os genótipos avaliados foram: Caipira; Nanica; Pacovan e seus híbridos PV03-44 e PV03-76; Prata Anã e seus híbridos FHIA-18, Pioneira e Prata Graúda. O processamento da banana-passa incluiu a aplicação de tratamento antioxidante, com ácido ascórbico (0,25% e ácido cítrico (0,30%, e desidratação osmótica, com sacarose (40%, a 70°C. A desidratação foi completada em secador de cabine com circulação forçada de ar. Os produtos obtidos foram avaliados quanto aos aspectos físicos, físico-químicos, químicos e sensoriais. O maior rendimento de produção foi obtido pela cultivar Pacovan. As bananas-passa tiveram boa aceitação sensorial, com médias superiores a 6 (gostei ligeiramente para os atributos aparência, cor, aroma, sabor e textura. A Pioneira foi o genótipo com maior aceitação sensorial.Industrialization can be a good option for using production surplus and fruits with poor appearance for in natura consumption, because of its capacity to extend shelf life and to aggregate value to the product. Fruits from different banana (Musa spp. varieties obtained from breeding programs may have differentiated characteristics regarding their adaptation to a certain fruit processing. The objective of this work was to evaluate the dehydrated banana product obtained from fruits of different genotypes. The genotypes used were: Caipira; Nanica; Pacovan and

  15. Características pós-colheita de frutos de genótipos de bananeira (Musa spp. Post-harvest fruit characteristics of different banana (Musa spp. genotypes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Reginaldo Conceição Cerqueira

    2002-12-01

    Full Text Available O conhecimento das características pós-colheita de novos híbridos de bananeira é uma importante informação que auxilia o melhorista em sua tomada de decisão. Este trabalho teve como objetivo avaliar genótipos de bananeira com relação às características de pós-colheita e resistência ao desprendimento do fruto. Foram utilizados frutos da segunda penca de 16 híbridos (Calipso, Bucaneiro, Ambrosia, YB42-21, PV42-53, PV42-68, PV42-81, PV42-85, PV42-129, PV42-142, PV42-143, ST12-31, ST42-08, PV03-44, FHIA-03 e SH 3640 e quatro cultivares (Pacovan, Prata Comum, Nam e Figue Pomme Naine, que foram avaliadas quanto ao peso, comprimento, circunferência, relação polpa/casca, resistência ao desprendimento, firmeza, sólidos solúveis totais (SST, acidez total titulável (ATT, relação SST/ATT e tempo de amadurecimento. Empregou-se um delineamento inteiramente casualizado, com cinco repetições para todas as características, exceto para a firmeza do fruto em que se utilizaram dez repetições. A unidade experimental foi constituída de um único fruto. Os dados foram submetidos à analise de variância e as médias comparadas pelo Teste Scott & Knott, a 5% de probabilidade. A cultivar Nam apresentou a menor acidez titulável e a maior relação SST/ATT, enquanto a maior firmeza do fruto foi apresentada pelos híbridos PV42-81 e PV42-53. Os frutos mais pesados foram do híbrido SH 3640, e os mais compridos foram dos híbridos Bucaneiro e PV42-81. Os híbridos PV42-85 e ST42-08 apresentaram maior resistência ao desprendimento, não diferindo da 'Pacovan'. No entanto, superaram a 'Prata Comum', que obteve a menor resistência. Os genótipos 'Nam', PV42-143 e PV42-129 apresentaram maior tempo de maturação após a colheita quando comparados, principalmente, à 'Prata Comum'. A 'Nam' deve ser considerada como uma nova alternativa na produção de banana. O SH3640, híbrido da Prata Anã, pode ser recomendado como nova cultivar. Os h

  16. Crescimento e produção de primeiro ciclo da bananeira 'Prata Anã' (AAB em sete espaçamentos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    PEREIRA MARLON CRISTIAN TOLEDO

    2000-01-01

    Full Text Available Este estudo teve por objetivo verificar o comportamento da bananeira (Musa spp. 'Prata Anã' no primeiro ciclo de produção na localidade de Jaíba, MG, submetida a sete espaçamentos, com irrigação. Os tratamentos foram: triângulo: 2,7 m x 3,2 m (1.157 covas/ha e 2,9 m x 3,4 m (1.014 covas/ha; fileira dupla em triângulo: 4,5 m x 2,0 m x 3,0 m (1.026 covas/ha e 4,5 m x 2,0 m x 2,0 m (1.538 covas/ha; fileira dupla em retângulo: 4,5 m x 2,0 m x 3,5 m (879 covas/ha; e retângulo: 4,0 m x 2,0 m (1.250 covas/ha e 3,0 m x 2,0 m (1.666 covas/ha. Os sistemas de espaçamento e as densidades populacionais testados não alteraram as taxas de crescimento das plantas nem suas características na época da colheita. Entretanto, as bananeiras plantadas em maiores densidades apresentaram maior produtividade, atingindo até 29,1 t/ha. As plantas apresentaram, em média, ciclo do plantio à colheita de 411 dias, ciclo do florescimento à colheita de 141 dias, e cachos com 17,7 kg, 9,1 pencas e 134 frutos. Para o primeiro ciclo de produção, o espaçamento mais apropriado foi de 3,0 m x 2,0 m, em retângulo, para a região de Jaíba.

  17. Crescimento vegetativo da bananeira Nanica em dois ciclos sucessivos em função da aplicação de biofertilizantes líquidos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aldair Souza Medeiros

    2014-06-01

    Full Text Available Objetivou-se com essa pesquisa estudar os efeitos de biofertilizantes no crescimento vegetativo da bananeira Nanica, em dois ciclos sucessivos, no semiárido paraibano.O experimento foi conduzido, em condições de campo, no Campus IV, da Universidade Estadual da Paraíba. O solo da área experimental é classificado como Neossolo Flúvico de textura arenosa não apresentando problemas de acidez e alcalinidade. O delineamento experimental adotado foi o de blocos casualizados, com 50 tratamentos, no esquema fatorial 5 x 10, com quatro repetições, totalizando 200 parcelas experimentais (1 planta ou touceira/parcela. Os resultados obtidos na pesquisa mostram que o crescimento da bananeira Nanica (1° ciclo não foi afetado pelos tipos de biofertilizantes aplicados; os valores de diâmetro do pseudocaule, área foliar unitária e área folia da planta da bananeira Nanica (1° ciclo aumentaram com o incremento das doses de biofertilizante até os limites ótimos de 1,56; 1,63; e 1,54 L/aplicação, respectivamente, proporcionando valores ótimos dessas variáveis, havendo reduções a partir desses patamares; o crescimento da bananeira Nanica (2° ciclo não foi afetado pelas doses de biofertilizantes aplicados; o biofertilizante B5, que contém o maior número de ingredientes na sua composição, se sobressaiu, de forma significativa, sobre os demais tipos, proporcionando maiores altura da planta e área foliar da planta da bananeira Nanica (2° ciclo.

  18. Nitrogênio e potássio via fertirrigação e adubação convencional-estado nutricional das bananeiras e produção de frutos Nitrogen and potassium aplication on banana plant by fertirrigation and conventional fertilization-nutritional status of banana plants and fruit production

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Antônio Junqueira Teixeira

    2007-04-01

    Full Text Available Realizou-se um experimento em Pindorama (SP com o objetivo de avaliar os efeitos da fertirrigação e da adubação convencional com N e K, em bananeiras, durante dois ciclos de produção. Foram avaliados crescimento, estado nutricional e produção de frutos. A adubação causou redução do ciclo de produção. Os teores foliares de N e K foram influenciados pela adubação convencional e pela fertirrigação. Nos dois ciclos de cultivo, a produção de frutos variou em função dos tratamentos. A produção de frutos (t ha¹ ano¹ obtida com a aplicação de 80% da dose de N e de K via fertirrigação foi equivalente àquela com 100% da dose via adubação convencional.A field experiment was carried out in Pindorama (Sao Paulo State, Brazil with the objective of investigating the effects of N and K application through fertirrigation and conventional fertilization on banana plants during two crop cycles. Plant growth, nutrition status and fruit production were evaluated. The fertilization caused a reduction in the productive cycle. Fertilizers applied by fertirrigation or conventional fertilization changed the N and K leaf content. The fruit production varied in function of the treatment in the two cultivated cycles. Fruit production (t ha¹ year¹ obtained with application of 80% of N and K doses by fertirrigation was comparable to fruit production with 100% of fertilizer rate applied by conventional fertlization.

  19. Estudo da Secagem de Frutos Tropicais do Nordeste

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lucas de Souza Barbosa

    2014-06-01

    Full Text Available A fruticultura é um dos segmentos mais importantes na agricultura nacional, porém um grande problema enfrentado pelos fruticultores é a conservação dos frutos maduros. As frutas tropicais caracterizam-se pelo fato de ser sazonais, com produção restrita a determinadas épocas do ano, podendo se verificar o aparente fenômeno da super produção, isto é, a quantidade oferecida na safra é maior do que a quantidade absorvida pelo mercado consumidor. A falta de tecnologias adequadas para o melhor aproveitamento dos frutos tem contribuído para um alto índice de desperdício cerca de centenas de toneladas ano. A desidratação de frutas vem sendo objeto de muitas pesquisas com o propósito de se obter técnicas que proporcionem, além de baixo custo, a manutenção da qualidade dos produtos desidratados. Neste sentido o presente trabalho objetivou o estudo da secagem convencional dos frutos tropicais (banana, abacaxi, manga e caju visando à obtenção dos frutos desidratados e a sua caracterização físico-química. Após a obtenção das amostras essas foram submetidas à secagem convencional e posteriormente realizado às analises de pH, sólidos solúveis, acidez total titulável, vitamina C e açúcares totais no Laboratório de Tecnologia de Alimentos da UFERSA e UFCG. De acordo com os resultados obtidos, os frutos desidratados apresentaram teores de nutrientes próximos aos relatados na literatura demonstrando que a secagem é uma excelente alternativa para a sua conservação, contribuindo assim para redução das perdas pós-colheita e com a agregação de valor ao produto seco.

  20. Uso da rapadura como meio nutritivo para cultivo in vitro de bananeira cv. Maçã

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliana Martins Ribeiro

    2013-10-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi avaliar o efeito da rapadura sobre o desenvolvimento, in vitro, de bananeira, cv. Maçã, visando à redução de custos de produção, por cultura de tecidos. Explantes de bananeira foram inoculados em meios nutritivos, formulados à base de rapadura, com quatro concentrações distintas (10, 25, 50 e 75% de solução de rapadura, e os dados obtidos foram comparados com aqueles das plantas cultivadas em meio MS 100% (controle, perfazendo um total de cinco tratamentos. Ao final de 60 dias, foram avaliados os números médios de folhas, brotos e raízes, bem como os números médios de explantes mortos e oxidados. Não houve diferença significativa entre os tratamentos para a maior parte dos parâmetros avaliados, exceto para o número médio de explantes oxidados, que foi maior no tratamento com 75% de rapadura. Concluiu-se que meios nutritivos com até 50% de rapadura em sua composição, sem reguladores vegetais, podem ser utilizados em substituição ao meio MS para o cultivo in vitro de bananeira.

  1. Controle biológico de Mycosphaerella fijiensis Morelet agente causal da sigatoka-negra da bananeira (Musa spp.) com Trichoderma spp.

    OpenAIRE

    Cavero, Poholl Adan Sagratzki

    2011-01-01

    O principal problema fitossanitário da cultura da bananeira no Brasil e também em outros países é a sigatoka-negra, causada pelo fungo Micosphaerella fijiensis Morelet, que pode ocasionar perdas de até 100% da produção. A medida mundialmente mais utilizada no controle deste problema em bananais comerciais têm sido pulverizações com fungicidas. Na Amazônia, o uso de fungicidas para o controle da sigatoka-negra torna-se econômica e ecologicamente inviável, face aos custos e aos impactos ambient...

  2. Aplicação de boro em bananeira

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edson Shigueaki Nomura

    2011-06-01

    Full Text Available A fertilização de bananeiras com micronutrientes é pouco estudada, principalmente a aplicação de boro (B que apresenta funções ligadas ao desenvolvimento de meristemas apicais. Desta forma, o objetivo do presente trabalho foi estudar as respostas da adubação com B em diferentes doses e formas de aplicação em bananeira 'Grande Naine'. Utilizou-se delineamento experimental em esquema fatorial com três doses (0,85; 1,70 e 3,40 g planta-1 e três formas de aplicação do fertilizante (solo, folhas e orifício do perfilho desbastado, utilizando-se de ácido bórico como fonte de B, mais uma testemunha sem aplicação de B. Avaliaram-se os efeitos dos tratamentos na disponibilidade do B no solo, no desenvolvimento, no estado nutricional e na produção de frutos das bananeiras. A aplicação de B no solo e nas folhas aumentou a disponibilidade do micronutriente na camada superficial do solo (entre 1,0-1,5 mg kg-1, para a maior dose do nutriente e correspondente aumento até 20-40 cm, como resultado da lixiviação. A contribuição da adubação foliar no aumento do teor no solo deveu-se à lavagem e ao escorrimento da solução fertilizante das folhas para a superfície do solo. Por outro lado, não houve efeito do B quando aplicado no orifício do perfilho desbastado (~0,3 mg kg-1 de B. Também, verificou-se que não houve efeitos da aplicação de B no desenvolvimento da bananeira (altura e diâmetro do pseudocaule medidos após a emissão da inflorescência. Nas amostragens quinzenais, os teores foliares de B, quando aplicado no orifício do perfilho desbastado, foram maiores e prolongaram-se por até um mês após a aplicação na bananeira. Porém, na última amostragem foliar (emissão da inflorescência, não houve efeito da forma de aplicação nos teores foliares de B (~20 mg kg-1. Não foram observados efeitos da fertilização na produção de frutos em função das doses e formas de aplicação do B, porém a aplicação no

  3. Avaliação físico-química de frutos de bananeiras Physiochemical evaluation of resistant banana fruits

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Valéria Saldanha Bezerra

    2009-01-01

    Full Text Available A produção nacional de banana está comprometida pela atuação da sigatoka-negra (Mycosphaerella fijiensis Morelet por todo o país, e particularmente no Amapá. Os cultivares Caipira, Thap Maeo, PV03-44, FHIA-01 e FHIA-18, altamente resistentes à doença, e o cultivar suscetível FHIA-21 foram avaliados quanto às características físico-químicas dos frutos, no período de 2003-2004, nas condições edafoclimáticas do Estado do Amapá. O teor médio de umidade dos frutos de banana foi de 74,61% onde FHIA-18 (75,91% diferiu estatisticamente de Thap Maeo (74,01%, FHIA-21 (73,96% e de PV03-44 (73,68%. Em relação à matéria seca dos frutos (média de 25,39%, FHIA-18 (24,09% apresentou valores significativamente menores que PV03-44 (26,32%, FHIA-21 (26,04% e Thap Maeo (25,99%. Foi observado que as polpas dos cultivares apresentaram natureza ácida (pH 4,8, sendo que PV03-44 (5,1 diferiu estatisticamente de FHIA-18 (4,6. No teor de sólidos solúveis (média de 21,51ºBrix, o cultivar FHIA 21 (24,82ºBrix diferiu significativamente dos demais. A relação SS/AT (média de 82,90 do cultivar FHIA-21 (99,23 diferiu estatisticamente de Thap Maeo (78,95, FHIA-18 e PV03-44 (77,48. Em relação à acidez titulável (0,27% ácido málico e ao teor de lipídeos (0,17%, não houve diferenciação entre os cultivares. Quanto ao teor protéico dos materiais resistentes à sigatoka-negra, a média do ensaio foi de 4,59%, tendo o genótipo PV03-44 (4,08% diferido estatisticamente dos demais. Os cultivares resistentes estudados apresentaram aspectos positivos de qualidade, principalmente na relação SS/AT, um dos principais parâmetros de atributo qualitativo de sabor da fruta.Banana's national production is committed by the performance of the black sigatoka (Mycosphaerella fijiensis Morelet for the whole country, and particularly in Amapá, Brazil. This work aimed at evaluating cultivars highly resistant to the disease, Caipira, Thap Maeo, PV03-44, FHIA

  4. Correlação fenotípica entre caracteres de híbridos diploides (AA de bananeira

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lauro Saraiva Lessa

    2012-12-01

    Full Text Available O estudo de correlação tem como propósito mensurar a alteração em um caráter quando se altera outro. Neste trabalho, objetivou-se estimar correlações fenotípicas entre o número de frutos por cacho e 22 caracteres avaliados em híbridos diploides (AA de bananeira. No experimento, conduzido na Embrapa Mandioca e Fruticultura, em blocos casualizados com quatro repetições, foram avaliados 11 híbridos diploides (AA de bananeira. Os caracteres avaliados foram: altura de plantas, diâmetro do pseudocaule, número de filhos, número de folhas na floração, período do plantio ao florescimento, presença de pólen, peso do cacho e da ráquis, sigatoka-amarela no florescimento, número de folhas na colheita, Sigatoka-amarela na colheita do cacho, número de dias do florescimento à colheita, comprimento e diâmetro do engaço, peso da segunda penca, número de pencas e de frutos por cacho, fragilidade do pedicelo, comprimento e diâmetro do fruto e comprimento do pedicelo, além de presença de semente. Após a tabulação, procederam-se a estudos de correlação entre o número de frutos e os demais caracteres da planta. Essas correlações variaram entre os genótipos, sendo assim, observado que as associações entre o número de frutos e os caracteres vegetativos da planta foram, de forma geral, não significativas. Já as relações entre o número de frutos por cacho e os outros caracteres produtivos foram, predominantemente, significativas.

  5. Modelagem matemática da secagem dos frutos de amendoim em camada delgada

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Willian Dias Araujo

    Full Text Available RESUMO Este trabalho teve por objetivo ajustar modelos matemáticos aos dados experimentais da secagem dos frutos de amendoim em camada delgada, submetidos a diferentes temperaturas do ar de secagem. Foram utilizados frutos de amendoim da cultivar IAC 505. Os frutos de amendoim foram submetidos à secagem em estufa de ventilação forçada com diferentes níveis de temperatura (40; 50; 60 e 70 ºC. Aos dados experimentais foram ajustados dez modelos matemáticos tradicionalmente utilizados para representação da cinética de secagem em camada delgada. Baseado nos resultados encontrados, conclui-se que dentre os modelos ajustados aos dados experimentais, o modelo de Page foi o escolhido para representar o fenômeno de secagem em camada delgada dos frutos de amendoim. O coeficiente de difusão efetivo aumenta com a elevação da temperatura, e a sua relação com a temperatura de secagem pode ser descrita pela equação de Arrhenius. As propriedades termodinâmicas entalpia e entropia tiveram seus valores reduzidos com aumento da temperatura do ar de secagem, enquanto que os valores da energia livre de Gibbs aumentam com o aumento da temperatura.

  6. Caracterização físico-química dos frutos de genótipos de bananeira produzidos em Botucatu-SP Fruit physicochemical characterization of banana genotypes produced in Botucatu-SP

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Dayana Portes Ramos

    2009-01-01

    Full Text Available O conhecimento dos atributos pós-colheita dos frutos de novos genótipos é uma importante informação que auxilia o melhorista em sua tomada de decisão. Neste trabalho, objetivou-se avaliar as características físico-químicas de frutos de genótipos de 3 grupos genômicos de bananeira: 'Nanicão-IAC-2001', 'Grande Naine', 'Caipira' e 'Nam' (AAA; 'Maçã', 'Thap Maeo', 'Prata Anã' e 'Prata Zulu' (AAB; 'Fhia 01', 'Fhia 18', 'Prata Graúda' e 'Tropical' (AAAB, no município de Botucatu-SP. As características avaliadas foram: textura, pH, acidez titulável, sólidos solúveis, açúcares solúveis totais, teores de amido e potássio. Foi adotado o delineamento experimental inteiramente casualizado, com 12 tratamentos (genótipos, cinco repetições, sendo que em cada repetição utilizaram-se cinco frutos. Utilizou-se o teste de tukey (Pd" 0,05 para a comparação entre médias de genótipos, dentro de cada grupo genômico. Os resultados mostraram que no grupo AAA, Nam se destacou apresentando frutos mais firmes, com maior teor de sólidos solúveis e amido. Do grupo AAB, 'Prata Zulu' apresentou frutos mais firmes, com maior teor de açúcares solúveis totais e amido e menor acidez. No grupo dos híbridos AAAB, 'Tropical' apresentou maior teor de potássio e amido, no entanto, menor teor de sólidos solúveis e açúcares solúveis totais.The knowledge of the post-harvest characteristics of new banana genotypes is important an information that helps the breeder in making a decision. This work had the objective of evaluating the fruit physical and chemical characteristics of genotypes of three banana genomic groups: 'Nanicão-IAC-2001', 'Grande Naine', 'Caipira', and 'Nam' (AAA; 'Maçã', 'Thap Maeo', 'Prata Anã', and 'Prata Zulu' (AAB; 'Fhia 01', 'Fhia 18', 'Prata Graúda', and 'Tropical' (AAAB in Botucatu region, São Paulo state, Brazil. The evaluated characteristics were: firmness, pH, titratable acidity, soluble solids, total soluble

  7. Caracterização pós-colheita de frutos de bananeira 'BRS Platina' de primeiro ciclo, sob regulação do déficit de irrigação

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ariane Castricini

    2012-12-01

    Full Text Available O trabalho teve como objetivo a caracterização pós-colheita de bananas cv BRS Platina (PA42-44, que é um híbrido tetraploide (AAAB desenvolvido pela Embrapa. As mesmas foram produzidas no norte de Minas Gerais, com redução das lâminas (L de água utilizadas na irrigação,a partir dos cinco meses após o plantio. Foram sete os tratamentos avaliados, com combinações de redução da lâmina (55%, 70% e 85% nas fases II e III de desenvolvimento da planta (5 a 7 meses, e 7 a 12 meses após o plantio, caracterizados quanto a: teor de sólidos solúveis totais (sst, despencamento, firmeza da polpa, comprimento e diâmetro do fruto, relação polpa/casca e coloração da casca, definida pelos parâmetros L*, C* e ºh, avaliados quando os frutos estavam totalmente amarelos. O teor de sólidos solúveis totais foi maior nos frutos do tratamento T3, onde houve redução da lâmina de irrigação na fase II (floração para 70% da ETc. A maior relação polpa/casca foi obtida quando a ETc foi reduzida em 25% na fase III, resistência ao despencamento. Os frutos mais firmes foram produzidos quando a ETc na fase II foi reduzida em 45%; já o menor despencamento foi obtido quando esta redução foi de 45% e 30% na fase II, e de 30% na fase III. Os maiores (comprimento e diâmetro e mais pesados frutos foram produzidos na ausência de déficit hídrico durante todo o ciclo da cultura.

  8. Caracteres da planta e do cacho de genótipos de bananeira, em quatro ciclos de produção, em Belmonte, Bahia Plant and branch characteristics of banana genotypes in four production cycles in Belmonte, Bahia state

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Basilio Vieira Leite

    2003-12-01

    Full Text Available Foram avaliados, no ecossistema de Mata Atlântica, em condições de sequeiro de Belmonte - BA, 15 genótipos de bananeira, contemplando variedades e híbridos obtidos no programa de melhoramento genético de bananeira da Embrapa Mandioca e Fruticultura. Os genótipos foram: 'Mysore', 'Thap Maeo', 'Caipira', 'Nam', PV03-76, PV03-44, JV03-15, PA03-22, 'Pioneira', 'Prata Anã', 'Ouro da Mata', 'Prata, 'Pacovan', 'Maçã' e 'Grande Naine'. Os caracteres avaliados foram: altura da planta (cm na roseta foliar e diâmetro do pseudocaule (cm a 30 cm do solo, no florescimento; número de dias do plantio à colheita; peso do cacho em kg; número de frutos por cacho e comprimento do fruto em cm. O espaçamento utilizado foi de 3,0 m x 2,0 m. O delineamento experimental foi de blocos ao acaso, sendo cada parcela constituída de 49 plantas com 25 úteis em três repetições. Os tratos culturais foram os preconizados para a cultura. Não foi realizado controle da Sigatoca-amarela. A análise revelou que a avaliação de genótipos permite a identificação de variedades e cultivares promissoras para recomendação aos produtores, tendo se destacado, no cômputo das características avaliadas: 'Thap Maeo', 'Caipira', 'Nam' e PV03-76.Fifteen genotypes of banana were evaluated for their performance in the Mata Atlântica ecosystem, at Belmonte city, BA, with no irrigation system. The genotypes, including varieties and hybrids from Embrapa Mandioca e Fruticultura Banana Breeding Program, were as follow: Mysore, Thap Maeo, Caipira, Nam, PV03-76, PV03-44, JV03-15, PA03-22, Pioneira, Prata Anã, Ouro da Mata, Prata, Pacovan, Maçã and Grande Naine. The agronomic traits evaluated in the experiments were: plant height (cm and diameter of pseudostem (measure at 30 cm above ground during flowering; number of days from planting to harvest, weight of bunch (kg, number of hands and fingers to bunch and fingers length (cm. The plant spacing was 3,0 m between rows and 2

  9. Archaea como componentes da microbiota endofítica de frutos do cafeeiro

    OpenAIRE

    Oliveira, Marcelo Nagem Valério de

    2009-01-01

    Este é o primeiro estudo de diversidade genética da comunidade de Archaea associada a frutos de café (Coffea arabica L.). Ele foi realizado em amostras de frutos no estádio cereja das cultivares Bourbon Amarelo, Bourbon Vermelho, Catuaí Amarelo, Catuaí Vermelho e Catucaí Vermelho, em diferentes altitudes. A diversidade de arqueas presentes durante a secagem natural de grãos despolpados em terreiro revestido com cimento também foi estudada. A adição de proteases durante a etapa de lise celular...

  10. Nitrogênio e potássio na produtividade e qualidade da bananeira cultivar Thap Maeo Nitrogen and potassium on yield and quality of banana cultivar Thap Maeo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adônis Moreira

    2009-01-01

    Full Text Available O experimento foi realizado em Latossolo Amarelo distrófico da Amazônia Central e teve por objetivo verificar o efeito de doses nitrogênio e de potássio sobre a produtividade e a qualidade dos frutos da bananeira cultivar Thap Maeo (triplóide - AAB. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos casualizados em esquema fatorial 3x4, com os seguintes tratamentos: três doses de N (0, 267 e 534 kg ha-1 ciclo - fonte: uréia e quatro doses de K2O (200, 800, 1600 e 2400 kg ha-1 ciclo - fonte: cloreto de potássio, com três repetições e dois ciclos de colheita. Pelos resultados, constatou-se que o diâmetro do fruto, pH e sólidos solúveis totais não foram influenciados pelas doses de N e K2O. A partir do segundo ciclo, independentemente da dose de N, a aplicação de altas concentrações de potássio diminuiu a resistência da polpa. O aumento das doses de N até 534 kg ha-1 reduziu a produtividade. No segundo ciclo houve interação significativa entre as doses de N e de K2O, sendo a maior produção obtida com aplicação de 1600 kg ha-1 de K2O.The experiment was carried out in a Xanthic Ferralsol (dystrophic Yellow Latosol of Central Amazon with the objective to verify the effect of nitrogen and potassium rates on yield and quality of banana cultivar Thap Maeo (triploid - AAB. The experimental design was factorial randomized blocks (3x4, with the following treatments: three N rates (0, 267 and 534 kg per ha cycle - source: urea and four K2O rates (200, 800, 1600 and 2400 kg per ha cycle - source: potassium chloride, with three replicates and two cycles of harvest. The results showed that N and K rates did not affect the diameter of fruits, acidity and total soluble solids. After the first cycle, regardless of N rates, the application of K2O rates reduced the resistance of pulp. Banana yield reduced with increased N rates. In the second cycle, K2O rates showed significant interaction with N, and the largest yield was obtained

  11. Cultivo in vitro da bananeira Prata Anã clone Gorutuba, em meio líquido, agitado e estacionário

    OpenAIRE

    Annanda Mendes Costa; Renata Aparecida Neres Faria; Luciana Nogueira Londe; Emerson Brito Ribeiro; Nayara de Souza Damascena

    2016-01-01

    RESUMO O objetivo deste trabalho foi avaliar o cultivo in vitro da bananeira Prata Anã (Musa spp.), clone Gorutuba, em diferentes volumes de meio líquido, nos sistemas estacionário e sob agitação, comparando-os com o cultivo tradicional em meio semissólido. O experimento foi conduzido em delineamento inteiramente casualizado, sendo um fatorial 5 x 2 + 1, com cinco volumes (10, 15, 20, 25 e 30 mL) de meio líquido e dois sistemas de cultivo (agitação e estacionário) e a testemunha (meio semiss...

  12. Atividade antimicrobiana do extrato alcoólico do fruto da Caesalpinia ferrea Mart

    OpenAIRE

    Tomaz, Klívio Loreno Raulino

    2010-01-01

    O tratamento usual da mastite bovina é realizado com administração de antimicrobianos, que muitas vezes, promovem a resistência bacteriana a esses compostos. Medicamentos fitoterápicos têm sido utilizados, porém nem todas essas opções apresentam comprovação científica acerca da eficácia de ação contra os agentes causadores da enfermidade. O objetivo desse estudo foi avaliar a atividade antimicrobiana do extrato alcoólico do fruto da Caesalpinia ferrea Mart. frente a bactérias c...

  13. Produção da bananeira 'Nanicão' em diferentes densidades de plantas e sistemas de espaçamento Yield of 'nanicão' banana at different plant densities and spacing systems

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João Alexio Scarpare Filho

    2001-01-01

    Full Text Available O objetivo do presente trabalho foi verificar o efeito de diferentes densidades de plantio e sistemas de espaçamento sobre a produção da bananeira 'Nanicão', avaliando-se os primeiros quatro ciclos. Quatro densidades (3.333, 2.222, 1.666 e 1.333 plantas ha-1 e dois sistemas de espaçamento (retângulo e triângulo foram testados para as condições de Piracicaba,SP. O aumento da densidade de 1.333 para 3.333 plantas ha-1 diminuiu a massa do cacho em 15% a 20%, em decorrência do menor número de frutos por cacho, massa e tamanho do fruto. A produção foi sempre maior com o aumento da densidade, porém não ocorreu o mesmo quanto à produtividade. Até o terceiro ciclo, a produtividade das plantas no tratamento de maior densidade superou a das demais. No quarto ciclo, não houve diferença de produtividade entre as plantas, nas densidades testadas, em razão do aumento na duração do ciclo de produção do plantio mais denso. Comparado com o retângulo, o sistema de espaçamento em triângulo promoveu maior massa do cacho no primeiro ciclo e produtividade levemente superior ao longo dos quatro ciclos.The objective of this research was to study the effect of different planting densities and spacing systems on the yield of the 'Nanicão' banana, evaluating the first four cycles. Four density (3,333; 2,222; 1,666 and 1,333plants ha-1 and two spacing systems (rectangle and triangle were tested for the conditions of Piracicaba, SP, Brazil. The increase of the density of 1,333 to 3,333 plants ha-1 decreased bunch weight in 15% to 20%, due to reduction in number of fruit by bunch and fruit size. The yield was always higher as the density increased; however, there was not the same behavior for the productivity. Until the third cycle, the highest plant density overcame the productivity of the others. In the fourth cycle there was no difference in productivity among the densities, due to the increase in the duration of crop cycle in the highest

  14. Abortamento de frutos da nogueira macadâmia sob influência da adubação mineral

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcos José Perdoná

    2014-06-01

    Full Text Available A nogueira macadâmia (Macadamia integrifolia apresenta elevada taxa de abortamento de frutos. A nutrição desequilibrada pode ser um dos fatores que contribui para isso. Objetivou-se, com esta pesquisa, avaliar a influência de doses de N e do parcelamento da adubação NPK, de cobertura, na redução do abortamento de frutos da nogueira macadâmia. Foram desenvolvidos dois experimentos, durante três anos agrícolas, num Latossolo Vermelho, em Jaboticabal, Estado de São Paulo. O primeiro experimento foi constituído por cinco doses de N (0, 50, 100, 150 e 200 kg ha-1 ano-1 e quatro repetições. O segundo experimento foi constituído por quatro formas de parcelamento da adubação NPK (T1: outubro T2: outubro + dezembro, T3: outubro + dezembro + fevereiro e T4: outubro+dezembro + fevereiro + abril e cinco repetições. A maior parte dos frutos (77,7 % foi abortada no início de seu desenvolvimento. A aplicação de N, bem como o parcelamento da adubação NPK de cobertura, pelo menos em duas vezes (outubro e dezembro, não alteraram o número de frutos abortados por planta de macadâmia, mas, por aumentarem o número total de frutos emitidos e reduzirem a percentagem de abortamento, proporcionaram maior produtividade de nozes.

  15. Densidade do sistema radicular da bananeira 'Pacovan' sob irrigação por aspersão Root system density of 'Pacovan' banana plant under sprinkler irrigation

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Raimundo Lacerda Filho

    2004-12-01

    Full Text Available O presente trabalho foi realizado no município de Governador Dix-Sept Rosado, microrregião Açu-Apodi, no Estado do Rio Grande do Norte, tendo como objetivo verificar os efeitos do sistema de irrigação por aspersão na densidade do sistema radicular da bananeira 'Pacovan'. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos casualizados, em esquema de parcelas subdivididas, com cinco repetições. Os tratamentos foram duas amostragens por planta, realizadas do lado contrário ao da emissão da inflorescência, formando um ângulo de 45º. Em cada amostragem, foram realizadas quatro retiradas do material de solo a distâncias de 20 cm, sendo a primeira a 30 cm e a última a 90 cm do pseudocaule. A análise dos dados demonstrou que ocorreu redução linear no peso fresco e na densidade de comprimento de raízes da bananeira em função da profundidade do solo. Em relação à distância do pseudocaule da bananeira, tanto o peso fresco quanto a densidade de comprimento de raízes não mostraram resultados significativos.The present work was conducted at Governador Dix-Sept Rosado County, microregion Açu-Apodi, in the state of Rio Grande do Norte and its objective was to study the effects of sprinkler irrigation system on the density of the root system of 'Pacovan' banana plants. The experiment followed a completely randomized block design, in a split-plot scheme, with five replications. The treatments were two sampling groups, taken per plant, and in the opposite side of the inflorescence emission, forming between them an angle of 45°. In each sampling group, four samples containing soil material were collected at intervals of 20 cm, so the first was distant 30 cm and the last 90 cm from the pseudostem. Data analysis showed that occurred a linear reduction in root fresh weight and in lenght of roots density, in replications to soil depth. For the distance from the plant pseudostem there were no significant differences between samples, both

  16. Qualidade de fruto da aceroleira cv. Olivier em dois estádios de maturação

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elisa Adriano

    2011-10-01

    Full Text Available A acerola é um fruto de grande potencial econômico e nutricional devido ao seu alto teor de vitamina C, destacando-se como alimento funcional. É comercializada principalmente na forma de polpa congelada e fruto in natura. O objetivo deste estudo foi avaliar a qualidade dos frutos da aceroleira cv. Olivier em dois estádios de maturação. Para tanto, foram colhidas amostras de frutos em um pomar comercial no município de Junqueirópolis-SP. Foram realizadas a determinação da cor externa dos frutos e análises das características químicas de teor de sólidos solúveis, pH, acidez titulável, açúcares redutores, 'ratio' e ácido ascórbico de frutos semi-maduros e maduros. Os resultados obtidos permitiram concluir que os frutos semimaduros apresentaram maior acidez total, menor teor de sólidos solúveis e menor concentração de açúcares; no entanto, estes frutos apresentaram maiores teores de vitamina C, expressa em ácido ascórbico. Portanto, quando se buscam altos índices de vitamina C, os frutos devem ser colhidos num estádio de maturação menos avançado, com coloração alaranjada. O estudo demonstrou também que a cv Olivier produz frutos com características adequadas tanto para o mercado in natura quanto para a indústria, apresentando boa coloração e características químicas dentro dos padrões para esta fruta.

  17. Aspectos técnicos e econômicos da bananeira 'Prata-Anã' sob fertirrigação nos tabuleiros costeiros de Sergipe Technical and economical aspects of the banana tree "Prata-Anã" under fertirrigation in the coastal tablelands of Sergipe

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alberto Soares de Melo

    2010-06-01

    Full Text Available Neste trabalho, objetivou-se estudar os efeitos de doses de nitrogênio e potássio via água de irrigação, sobre o tempo de colheita, componentes da produção: número de pencas, número de frutos pencas-1, número de frutos cacho-1 e massa do cacho planta-1, e lucratividade da bananeira Prata-Anã em tabuleiros costeiros do Estado de Sergipe. O experimento foi conduzido no campo, utilizando um arranjo fatorial 4x4 com quatro blocos casualizados, na Estação Experimental da Universidade Federal de Sergipe. Foram testados dois fatores: nitrogênio (0; 350; 700 e 1050, em kg ha-1 de N, na forma de uréia e potássio (0; 400; 800 e 1200, em kg ha-1 de K2O, na forma de cloreto de potássio. O primeiro ciclo da bananeira 'Prata-Anã' é prolongado em situações de deficiências de N e K. O maior rendimento do cacho (32,56t ha-1 é obtido com a aplicação de 1050kg ha-1 ano-1 de N e 1112kg ha-1 ano-1 de K2O, cujas doses proporcionam uma lucratividade de 27,75 % e uma redução do custo de produção de 40,54%.The objective of the work was to study the effects of doses of N and K applied through irrigation water, on the number of days between planting and harvesting, yield components (number of hands, number of fruits per hands, number of fruits per bunch, bunch weight per plant and the profitability of the 'Prata-Anã' banana, in the coastal tablelands of Sergipe State. The experiment was carried out in the field at the Sergipe Federal University Experimental Station. A 4² factorial in a randomized block experimental design was used. Treatments were nitrogen (0; 350; 700 e 1050, kg ha-1 of N, as urea and potassium (0; 400; 800 e 1200, kg ha-1 of K2O, as potassium chloride. Nitrogen and potassium deficiencies increased the number of days between planting and harvesting in the first cycle. Maximum yield of 32.56 t ha-1 was associated with 1050 kg ha-1 year-1 of N and 1112kg ha-1 year -1 of K2O. These doses were able to increase net income by 27

  18. Crescimento da bananeira Grande Naine submetida a diferentes lâminas de irrigação em tabuleiro costeiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jadson M. Oliveira

    2013-10-01

    Full Text Available Avaliou-se, com o presente trabalho, a influência de diferentes lâminas de irrigação sob o crescimento da cultura da bananeira Grande Naine. O experimento foi conduzido no campo experimental do Centro Nacional de Pesquisa Mandioca e Fruticultura. Utilizou-se delineamento experimental blocos casualizados com seis lâminas de irrigação e oito repetições. A lâmina de irrigação L1 correspondeu à chuva. A lâmina L6 foi determinada com o uso do Kc e ETo. As demais lâminas foram determinadas pela fórmula NH = K x AF x ETo, em que NH é a necessidade hídrica da cultura (L planta-1, K (coeficiente empírico de transpiração da planta e AF - área foliar (m² planta-1 e ETo - evapotranspiração de referência (mm. Foram avaliados: altura da planta; circunferência do pseudocaule; área foliar; número de folhas vivas e duração do ciclo da cultura. O melhor crescimento da cultura foi obtido com o coeficiente de transpiração de 0,57 e uma lâmina de irrigação estimada em 1247 mm.

  19. Comportamento fitotécnico da bananeira 'Prata-Anã' e de seus híbridos Phytotechnical behavior of 'Prata-Anã' banana and progeny hybrids

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sérgio Luiz Rodrigues Donato

    2009-12-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar o comportamento fitotécnico da bananeira 'Prata-Anã' e de quatro híbridos descendentes, em dois ciclos de produção, no Perímetro Irrigado do Estreito, sudoeste da Bahia. Utilizou-se o delineamento experimental inteiramente casualizado com cinco tratamentos: cultivar Prata-Anã e os híbridos Fhia-01 (BRS Fhia Maravilha, BRS Fhia-18, Fhia-18 e PA42-44, com dez repetições. Foram mensurados os descritores fenotípicos vegetativos, os de ciclo e os de rendimento. Foram observados os seguintes incrementos entre ciclos: na altura da planta, no perímetro do pseudocaule, no número de pencas e de frutos, e na produtividade. O híbrido Fhia-18 apresentou maior porte e perímetro do pseudocaule, a 'Prata-Anã' menor porte (com manutenção desse caráter no PA42-44. Os híbridos foram similares quanto ao número de filhos emitidos. Os híbridos BRS Fhia-18, Fhia-1 e PA42-44 foram mais precoces para a colheita e apresentaram frutos com maior comprimento que a genitora. Fhia-18 apresentou maior quantidade de frutos e PA42-44 menor número de pencas em comparação à genitora. Os híbridos BRS Fhia-18, Fhia-18 e Fhia-1 são mais produtivos que a genitora. 'Prata-Anã' é a mais suscetível à sigatoka-amarela, e PA42-44 é resistente e com maior retenção de folhas na colheita, porém, similar à genitora em produtividade.The objective of this work was to evaluate the phytotechnical behavior of 'Prata-Anã' banana and four progeny hybrids, during two production cycles, in the Perímetro Irrigado do Estreito, southwest of Bahia state, Brazil. The experimental design was completely randomized with five treatments: cultivar 'Prata-Anã' and the hybrids Fhia-01 (BRS Fhia Maravilha, BRS Fhia-18, Fhia 18 and PA42-44, with ten replicates. Phenotypic vegetative descriptors, cycle length and yield were measured. Increases occurred between cycles for: plant height, pseudostem perimeter, number of hands and fruits, and

  20. Produção do complexo celulolítico a partir doengaço da bananeira (Musa spp.)

    OpenAIRE

    da Silva Lima, Marilene

    2010-01-01

    No intuito de minimizar o impacto ambiental, torna-se necessário o aproveitamento de resíduos, como o engaço da bananeira, buscando obter produtos com maior valor agregado. Este trabalho teve por objetivo verificar a viabilidade do engaço como substrato, para crescimento de fungos em processo fermentativo sólido e submerso, para a produção de enzimas celulolíticas. As determinações físico-químicas no engaço com lignina e sem lignina foram: pH, sólidos solúveis totais, acidez total titulável, ...

  1. Alterações reprodutivas em ratos machos expostos perinatalmente aos frutos da Solanum lycocarpum

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aline Schwarz

    2009-04-01

    Full Text Available Ratas prenhes foram tratadas do dia 06 da gestação (GD 06 ao dia 07 pós-natal (PND 07 com frutos verdes secos e moídos da Solanum lycocarpum (10% na ração. Após nascimento das ninhadas, foi avaliado na prole masculina adulta aos 60 e 90 dias de vida, o número de espermátides e a produção espermática diária nos testículos e o tempo de trânsito espermático no epidídimo. A exposição não foi capaz de promover alterações na produção espermática diária (DSP e no número de espermátides produzidas pelo testículo dos ratos expostos aos frutos verdes da S. lycocarpum durante a gestação e início da lactação. Não foram observadas alterações no tempo de trânsito espermático na cabeça do epidídimo, porém, foi constatado menor número de espermatozóides no corpo/cauda do epidídimo nos machos experimentais com 90 dias de vida, provavelmente resultante do menor tempo de trânsito espermático observado no corpo/cauda do epidídimo aos PND 90. Estes dados sugerem que a exposição de ratos aos frutos verdes da S. lycocarpum durante a gestação e início da lactação, não foi suficiente para promover alterações na produção mas sim no trânsito espermático, indicando possível alteração no eixo hormônio liberador das gonadotrofinas hipotálamo-hipófise-gônada

  2. Estratégia para uniformização da maturação de frutos do cafeeiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Felipe Santinato

    2017-12-01

    Full Text Available A desuniformidade de maturação do cafeeiro é um dos principais problemas para realização eficiente da colheita mecanizada. Isto pois, dependendo do sistema de colheita adotado, eleva a quantidade de frutos verdes colhidos ou a quantidade de frutos secos caídos naturalmente. Uma das estratégias para driblar esta dificuldade é a utilização de “maturadores” capazes de retardar ou acelerar o processo do amadurecimento, visando maior uniformidade na maturação dos frutos. O presente estudo objetivou determinar a correta forma de utilização do retardador da biossíntese do etileno, quanto à dose e ao modo de aplicação, avaliando a uniformidade da maturação dos frutos, a eficiência de colheita e a quantidade de frutos no estádio cereja colhidos. Os tratamentos foram dispostos no esquema fatorial 3 x 2 + 1, delineados em blocos casualisados, com quatro repetições. Os tratamentos foram três modos de aplicação do produto Mathury® (planta inteira, 50% e 30% da parte superior da planta, duas doses (10,0 e 5,0 L ha-1, além de uma testemunha em que não aplicou-se o produto. O retardador deve ser aplicado em toda a planta, na dose de 5,0 L ha-1,pois eleva a porcentagem de frutos cereja na planta e colhidos, e a eficiência de colheita.

  3. Caracterização física e química de frutos de diferentes genótipos de bananeira Physical and chemical characterization of fruits of different banana genotypes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sandra Cerqueira de Jesus

    2004-12-01

    Full Text Available A banana é uma fruta tropical muito apreciada, principalmente devido às suas características sensoriais e por ser fonte de nutrientes. Apesar da diversidade de variedades existentes no Brasil, poucas apresentam potencial para exploração comercial. Além das características agronômicas, a composição química das frutas é uma qualidade a ser considerada para a seleção de variedades. O objetivo do presente trabalho foi avaliar as características físicas e químicas de frutas de dez genótipos de bananeira do Banco Ativo de Germoplasma da Embrapa Mandioca e Fruticultura. Os genótipos avaliados foram: 'Pacovan' e seus híbridos PV03-44 e PV03-76; 'Prata Anã' e seus híbridos 'FHIA-18,' 'Pioneira' e 'Prata Graúda'; 'Caipira', 'Nanica' e 'Thap Maeo'. As frutas foram analisadas quanto à massa, diâmetro, comprimento, pH, teores de sólidos solúveis totais (SST, umidade, pH, acidez total titulável (ATT, açúcares totais (AT, redutores (AR e não redutores (ANR, amido e ácido ascórbico. A cultivar Pacovan, seus híbridos PV03-44 e PV03-76 e a cultivar Prata Anã apresentaram os maiores teores de SST, AT e AR, características relacionadas com a qualidade sensorial da banana, enquanto a maior relação SST/ATT foi observada na cultivar Caipira. O maior teor de ácido ascórbico foi observado na cultivar Prata Anã. A cultivar Thap Maeo apresentou o maior rendimento de polpa, parâmetro importante para a indústria de produtos concentrados e desidratados.Banana is a very appreciated tropical fruit used in human diet due to its sensorial characteristics and nutrients. Despite of the diversity of varieties existent in Brazil, only a few of them have potential for commercial exploration. Besides agronomic characteristics, fruit quality is of great importance for the selection of new varieties. The present work aimed to evaluate physical and chemical characteristics of fruits of ten banana clones from the Germoplasm Active Bank of Embrapa

  4. Produtividade e acúmulo de nitrato nos frutos de abobrinha em função da adubação nitrogenada

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mônica Lima Alves Pôrto

    2012-01-01

    Full Text Available Apesar da importância da abobrinha em termos comerciais e alimentícios, poucos estudos têm sido realizados em relação à adubação nitrogenada da cultura. O objetivo deste trabalho foi avaliar a produtividade e o acúmulo de nitrato nos frutos da abobrinha (cv. Caserta em função da adubação nitrogenada. O experimento foi desenvolvido no delineamento de blocos casualizados, com cinco doses de (0; 50; 100; 200 e 400 kg ha-1, com quatro repetições. Foram avaliados: número de frutos por planta, massa média de frutos, produtividade da cultura e acúmulo de nitrato nos frutos. Todas as características avaliadas foram significativamente influenciadas (p<0,01 pelas doses de N. Os valores máximos do número de frutos por planta (7,7 unidades, massa média de frutos (240 g fruto-1 e produtividade de frutos (29,88 t ha-1 foram obtidos com 323, 265 e 331 kg ha-1 de N, respectivamente. A dose de máxima eficiência econômica de N para a cultura da abobrinha foi de 322 kg ha-1, resultando em uma produtividade de frutos de 29,86 t ha-1. O teor de nitrato nos frutos proporcionou incremento linear em função das doses de N verificando-se, com a dose máxima, o teor na matéria fresca de fruto de 162 mg kg-1 de nitrato, valor que não representa risco para saúde humana.

  5. Freqüência da fertirrigação da bananeira prata-anã com nitrogênio e potássio aplicados por microaspersão Frequency of fertigation with nitrogen and potassium applied by microsprinkler system on prata-anã banana plant

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Amilton G. Guerra

    2004-04-01

    Full Text Available O experimento teve por objetivo avaliar a freqüência de fertirrigações com nitrogênio e potássio aplicadas por microaspersão na cultura da bananeira (Musa sp. AAB, cultivar Prata-Anã, durante dois ciclos de cultivo. O experimento foi conduzido na Área Demonstrativa e Experimental de Irrigação do Departamento de Engenharia Rural da FCAV/UNESP, Jaboticabal - SP. Utilizou-se do delineamento em blocos ao acaso, com parcelas subdivididas e cinco repetições, constituídas por quatro modalidades de aplicação de fertilizantes (adubação via solo, fertirrigação mensal, fertirrigação bimestral e fertirrigação trimestral e duas doses de nitrogênio e potássio, correspondendo a 100% (dose 1 e 50% (dose 2 da dose recomendada de nutrientes. A fertirrigação mensal proporcionou peso de cachos, peso de pencas e produtividades superiores à adubação convencional e menor acidez total titulável dos frutos em relação à fertirrigação trimestral; a redução de 50% das doses de N e K não exerceu efeito sobre a produção e qualidade dos frutos.This study was carried out in order to evaluate the effect of fertigations with nitrogen and potassium applied by microsprinkler system on the plantation of Prata-Anã banana (Musa sp AAB, during two growing seasons, under field conditions. The experiment was carried out in the irrigation area of the Department of Agricultural Engineering, FCAV/UNESP - Jaboticabal, São Paulo State, Brazil. It was used a completely randomized block design in split plot with five replications. The treatments studied were composed of four fertilizer application modalities (side dressing fertilization, monthly fertigation, bimonthly fertigation and three monthly fertigation combined with two rates of nitrogen and potassium, corresponding to 100% (rate 1 and 50% (rate 2 of the recommended rates based on the soil analysis. Monthly fertigation promoted bunch weight and yield higher than side dressing fertilization and

  6. Previsão do número de frutos a partir da quantidade de estruturas reprodutivas em laranjeiras

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Glauco de Souza Rolim

    2008-03-01

    Full Text Available O trabalho buscou testar a hipótese de que o número final de frutos (nº/m³ depende da quantidade de botões florais, flores e/ou chumbinhos que ocorreram previamente. Esta hipótese baseia-se na premissa de que a planta integraliza as condições edafoclimáticas disponíveis para seu crescimento e desenvolvimento. A hipótese foi testada em laranjeira "Valência" (Citrus sinensis (L. Osbeck. enxertada em: tangerineira "Cleópatra" (VCL (Citrus reshni Hort. ex Tan. e limoeiro "Cravo" (VCR (Citrus limonia Osbeck. Foram avaliadas as seguintes relações entre as estruturas reprodutivas: Frutos= f(Chumbinhos; Frutos= f(Flores; Frutos= f(Botões; como também Flores= f(Botões, e Chumbinhos= f(Flores; além de Frutos= f(flores do lado noroeste para a VCL, e Frutos= f(botões do lado noroeste para VCR sugeridos por análise de cluster. As avaliações do número de estruturas reprodutivas foram realizadas nos quatro pontos cardeais da copa (1m³/setor. Devido aos elevados valores de R², índice de concordância (d e relativos baixos erros absolutos percentuais médios (EAPM, resultantes de regressão exponencial, em relação a: Flores = f(botões (R²=0,85 e R²=0,82; d= 0,95 e d= 0,95; EAPM= 15,2% e EAPM= 19,1%, para VCL e VCR, respectivamente e principalmente ao número de frutos (por exemplo: Frutos = f(botões; (R²=0,62 e R²=0,71; d= 0,89 e d= 0,88; EAPM= 5,0% e EAPM= 2,1%, para VCL e VCR, respectivamente, verificou-se que a hipótese proposta é verdadeira, ou seja, é possível a estimativa do número futuro de frutos, a partir do número atual de estruturas reprodutivas (botões florais e flores.

  7. Melhoramento genético da bananeira: estratégias e tecnologias disponíveis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sebastião de Oliveira e Silva

    2013-09-01

    Full Text Available A banana cultivada 107 países, em uma área de 4,1 milhões de hectares e produção de 95 milhões de toneladas, é segunda fruta mais produzida do mundo. A bananeira é atacada por vírus (CMV e BSV, fungos (Sigatoka amarela e negra, mal-do-Panamá, bactéria (Moko, nematoide e insetos (Broca do rizoma. No entanto, por meio do melhoramento genético é possível obter resistência a maioria das pragas e doenças. O centro de origem de grande parte do germoplasma de Musa spp. é o Continente Asiático, onde são encontradas bananeiras diploides, triploides tetraploides, com genomas de Musa acuminta e M. balbisiana. No melhoramento de banana, feito principalmente para resistência às doenças, são usados os seguintes métodos: introdução e seleção de clones; hibridação (cruzamentos de diploides com diploides, triploides com diploides e diploides com tetraploides; duplicação de cromossomos; mutação e transgenia. Os métodos que envolvem hibridação, embora sejam os mais usados, apresentam limitações como a partenocarpia, a esterilidade; o número variável de ploidia e a baixa produção de sementes. Todo material produzido no programa, é depois avaliado nas regiões produtoras de banana. Atualmente novas técnicas de melhoramento, baseadas em informações genéticas de Musa spp. estão sendo incrementadas.

  8. Efeito do ensacamento na qualidade dos frutos e na incidência da broca-dos-frutos da atemoieira e da pinheira Bagging effect upon either quality of the fruits and incidence of the fruit borer in atemoya and sweetsop

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marlon Cristian Toledo Pereira

    2009-01-01

    Full Text Available Este estudo teve por objetivo avaliar o uso de diferentes invólucros nos frutos de atemoieira e pinheira na qualidade físico-química dos frutos e na incidência da broca-dos-frutos, Cerconota anonella. Os experimentos foram instalados em dois pomares comerciais: um de atemoieira no município de Matias Cardoso e outro de pinheira no município de Verdelândia, Norte de Minas Gerais. Os tratamentos para a atemoieira consistiram em: 1 Testemunha (sem ensacamento; 2 Saco plástico leitoso; 3 Saco de TNT (tecido-não-tecido branco sem fundo e 4 Saco de TNT branco com fundo. Para a pinheira foi modificado apenas o tratamento 2 para saco de papel pardo. Avaliaram-se número de dias da polinização à colheita, número de dias da colheita ao amadurecimento, ocorrência de injúrias e brocas e características físico-químicas dos frutos. Observam-se maior número de dias entre a colheita e o amadurecimento e mais firmeza nos frutos de pinheira não-ensacados. O uso do plástico leitoso controlou a broca em frutos de atemoieira. As características físico-químicas: massa, comprimento, diâmetro dos frutos e teor de sólidos solúveis totais da polpa não foram influenciados pelo uso dos invólucros.This study was conducted to evaluate the effect from using different involucres for fruits of the atemoya and sweetsop upon either physiochemical quality of the fruits and incidence of the fruit borer Cerconota anonella. The experiments were set up in two commercial orchards: one with atemoya at Matias Cardoso county and the other one with sweetsop at Verdelândia on northern Minas Gerais state. The treatments for atemoya consisted of: 1 Control (without bagging; 2 Milky plastic bag; 3 White, bottomless, tissue-non-tissue (TNT bag; and (4 With bottom TNT bag. For the sweetsop, only treatment 2 was modified to brown paper bag. The following evaluation were performed: the number of days from pollination to harvest, number of days from harvest to ripening

  9. Avaliação da atividade antifúngica de extratos de gengibre e eucalipto in vitro e em fibras de bananeira infectadas com Helminthosporium sp - DOI: 10.4025/actasciagron.v28i1.1696

    OpenAIRE

    Rodrigues, Edvirgem; UEM; Schwan-Estrada, Kátia Regina Freitas; Universidade Estadual de Maringá, Centro de Ciências Agrárias, Agronomia; Stangarlin, José Renato; UNIOESTE; Cruz, Maria Eugenia Silva; UEM; Fiori-Tutida, Ana Cristina Grade; UEM

    2008-01-01

    O presente trabalho teve como objetivo avaliar a fungitoxicidade dos extratos brutos aquosos (EBA) de gengibre (Zingiber officinalis) e eucalipto (Corymbia citriodora) sobre o fungo Helminthosporium sp. Este patógeno foi identificado nas fibras do pseudocaule da bananeira, as quais são utilizadas na fabricação de artesanato local. Foram avaliados o crescimento micelial e esporulação do fungo in vitro, além do crescimento da colônia fúngica nas fibras tratadas com os extratos das plantas. As f...

  10. MORFOLOGIA DO FRUTO E DA SEMENTE DE TRÊS ESPÉCIES DE Senna Mill. (LEGUMINOSAE - CAESALPINIOIDEAE

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ely Simone Cajueiro Gurgel

    2014-08-01

    Full Text Available O fruto característico de Leguminosae é o legume, entretanto há uma variabilidade de tipos na família. Este estudo objetivou descrever a morfologia dos frutos e das sementes de Senna obtusifolia (L. H.S.Irwin & Barneby, S. occidentalis (L. Link. e S. tapajozensis (Ducke H.S.Irwin & Barneby. Retirou-se, aleatoriamente, uma amostra constituída de 25 frutos e 25 sementes para a descrição. Dos frutos, registrou-se a morfologia geral, a classificação, a coloração, a textura, a consistência e o indumento do pericarpo. Os caracteres morfológicos das sementes analisadas foram: a externos: consistência, cor e textura da testa, forma das sementes, posição e forma do hilo e da micrópila; b internos: testa; endosperma; embrião quanto ao tipo; forma e cor. As espécies estudadas apresentaram frutos do tipo legume ou folículo, de forma linear e largamente linear, pericarpo seco, cartáceo e sublenhoso, glabro a olho nu, em tons castanhos. Semente obovada, suborbicular, elipsoidal com um lado reto ou irregularmente rômbico, testa em tons castanhos ou acinzentados, pleurograma completo, quando presente, hilo punctiforme e orbicular, embrião axial, foliáceo, eixo embrionário reto e oblíquo, plúmula rudimentar. As características do indumento do pericarpo e pleurograma possibilitaram a separação das espécies estudadas. Palavras-chave: Senna obtusifolia, S. occidentalis, S. tapajozensis, Cassieae, Cassiinae. DOI: http://dx.doi.org/10.18561/2179-5746/biotaamazonia.v4n2p80-86

  11. Determinação da qualidade e do teor de sólidos solúveis nas diferentes partes do fruto da pinheira (Annona squamosa L.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    SILVA JAEVESON DA

    2002-01-01

    Full Text Available O objetivo foi avaliar algumas características qualitativas e estimar o teor de sólidos solúveis (TSS nas porções basal (ligada ao pedúnculo, mediana e apical do fruto da pinheira. Para a estimação desse teor, três pinhas de cada uma de dez árvores, de pomares localizados em Mossoró-RN e Aracati-CE, com idade entre seis e oito anos, foram utilizadas. As árvores foram consideradas repetições (blocos, os frutos foram considerados parcelas e as porções dos frutos, subparcelas. Três frutos de cada árvore foram descascados e divididos em três porções aproximadamente iguais, da base para o ápice. O material foi triturado e filtrado. No suco obtido, foram feitas três leituras em um refratômetro. A média destas três leituras representou o valor de cada subparcela. A análise de variância conjunta indicou efeitos de locais, blocos em locais, porções e da interação locais x frutos x porções. O peso do fruto variou de 226 a 418 g e o rendimento de polpa, de 45 a 54 %. O TSS na porção basal (26,49 % foi inferior aos teores das porções mediana (28,02 % e apical (27,53 %, mas não diferiu significativamente daquele da porção apical.

  12. Influência da cobertura morta na umidade, incidência de plantas daninhas e de broca-do-rizoma (Cosmopolites sordidus em um pomar de bananeiras (Musa spp.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Oliveira Camilo Augusto Pinto de

    2003-01-01

    Full Text Available O fato do Brasil possuir a maior área plantada do mundo com banana e ocupar apenas a segunda colocação no ranking mundial dos maiores produtores, revela a necessidade da adoção de técnicas de manejo que tenha por objetivo incrementar a produção. Os objetivos do presente trabalho foram avaliar os efeitos da cobertura morta sobre a umidade, incidência de plantas daninhas e da broca-do-rizoma em um pomar de bananeiras manejado com e sem cobertura morta. Os resultados obtidos revelaram que a cobertura morta proporcionou benefícios quanto à manutenção da umidade no solo e controle de plantas daninhas, porém, na incidência da broca, não houve diferença em relação à área conduzida sem cobertura morta.

  13. Caracterização agronômica de mutantes de bananeira obtidos por meio da radiação gama

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edson Perito Amorim

    2012-01-01

    Full Text Available A bananeira é uma das fruteiras de maior importância econômica, explorada quase exclusivamente por pequenos produtores. Constitui-se em fonte contínua de alimento e renda. Embora o Brasil figure como um dos maiores produtores de banana, a bananicultura nacional enfrenta sérios problemas nas fases de produção e pós-colheita, que limitam sua inserção no mercado internacional. Um dos fatores que levam a grandes perdas na produção é o tombamento resultante da altura elevada da planta das principais cultivares comerciais. Uma estratégia para a solução deste problema é a redução do porte por indução de mutação. O objetivo deste trabalho foi caracterizar mutantes de banana tipo Prata (cv´s Pacovan e Preciosa irradiadas, durante dois ciclos de produção, visando à seleção de plantas com porte baixo e boas características agronômicas. Plantas in vitro das duas cultivares foram irradiadas com raios gamas nas doses de 20 Gy ('Pacovan' - 200 mudas e 30 Gy ('Preciosa' - 200 mudas, subcultivadas por quatro vezes e posteriormente avaliadas em campo durante dois ciclos de produção. Foram selecionados quatro mutantes de cada cultivar com altura inferior à média de altura das testemunhas, após dois ciclos de avaliação. Observou-se que em alguns desses mutantes houve maior precocidade e maior massa do cacho quando comparados com as testemunhas. Pelos resultados, é possível selecionar plantas mutantes com características agronômicas superiores, tanto para a 'Pacovan' quanto para a 'Preciosa', submetidas à radiação gama.

  14. Uso da ampicilina sódica e cloranfenicol no controle de contaminantes na micropropagação de bananeira 'Thap maeo'

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gustavo Alves Pereira

    2014-06-01

    Full Text Available A micropropagação vem sendo desenvolvida e aperfeiçoada para elevar a taxa de multiplicação de plantas em curto espaço de tempo e melhorar a qualidade da produção de mudas. Contudo, a contaminação microbiana é um dos maiores problemas desta técnica. Este trabalho teve por objetivo avaliar a eficiência da descontaminação de explantes de bananeira durante o estabelecimento in vitro, com o uso dos antibióticos ampicilina sódica e cloranfenicol adicionados ao meio de cultura. O delineamento experimental utilizado foi o inteiramente casualizado constituído de cinco tratamentos e cinco repetições, sendo cada repetição representada por cinco explantes em diferentes concentrações de ampicilina sódica e cloranfenicol por vinte minutos. Os antibióticos foram adicionados separadamente ao meio de cultura em concentrações de 0, 5, 10, 15 e 20 mg L-1. Os dados foram submetidos à análise de variância e as médias comparadas pelo teste F e análise de regressão. Foram avaliadas as porcentagens de contaminação por bactérias, fungos e oxidação dos explantes. Os resultados permitiram concluir que os antibióticos apresentaram controle sobre contaminantes endógenos nos explantes de banana 'Thap maeo'. A concentração de 20 mg L-1 dos antibióticos ampicilina sódica e cloranfenicol proporcionou redução de 70% na infecção por bactérias e fungos.

  15. VARIABILIDADE DE CARACTERíSTICAS FÍSICAS E QUÍMICAS DE FRUTOS DE GERMOPLASMA DE BACURI DA REGIÃO MEIO-NORTE DO BRASIL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    SOUZA VALDOMIRO AURÉLIO BARBOSA DE

    2001-01-01

    Full Text Available Este trabalho teve como objetivo avaliar as características físicas e químicas de frutos de bacuri coletados de plantas matrizes de ocorrência na região Meio-Norte. As características analisadas foram: comprimento, largura e peso médio de fruto; peso médio de polpa; relação comprimento/largura, espessura de casca; percentagem de casca; percentagem de polpa; percentagem de sementes; número de sementes/fruto; número de secção partenocárpica/fruto; teor de sólidos solúveis totais; acidez total titulável e relação sólidos solúveis totais/acidez total titulável. Os frutos foram coletados de 26 plantas matrizes de bacuri mapeadas em nove locais de coleta no Piauí e Maranhão. Efetuou-se a avaliação das características físicas e químicas no Laboratório de Fisiologia Vegetal da Embrapa Meio-Norte, em Teresina-PI, utilizando-se de amostras de frutos de tamanho variável em função da disponibilidade de produção. Foi evidenciado o efeito significativo de local de coleta e de matrizes para todas as características estudadas, à exceção do número de secção partenocárpica/fruto para o qual não houve efeito de local de coleta. As características peso médio de fruto e peso médio de polpa; peso médio de fruto e largura de fruto; peso médio de polpa e largura de fruto; comprimento de fruto e espessura de casca; comprimento de fruto e percentagem de casca; espessura de casca e percentagem de casca, e peso médio de fruto e comprimento de fruto apresentaram altos valores de correlações fenotípicas (rP > ou = 0,85. Estimativas de repetibilidade, variando de 0,50 (percentagem de polpa a 0,98 (acidez total titulável, indicaram ampla variabilidade das características analisadas em relação ao efeito do ambiente permanente.

  16. Correlações entre caracteres da planta e do cacho em bananeira (Musa spp Correlations among characters of the plant and of the bunch in banana (Musa spp.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sérgio Luiz Rodrigues Donato

    2006-02-01

    Full Text Available Os caracteres observados em áreas experimentais têm natureza fenotípica e suas correlações são estimadas visando mensurar alterações em um caráter quando se altera outro relacionado. Objetivou-se com este trabalho, quantificar a relação entre os caracteres da planta e do cacho observados na época do florescimento e da colheita de 13 genótipos (variedades e híbridos de bananeira (Musa spp., em dois ciclos de produção, em Guanambi, Bahia. Foram utilizadas as variedades Prata anã, Pacovan (AAB, Grande naine e Nanicão (AAA, e os híbridos PA42-44, PV42-85, PV42-142, PV42-68 e ST12-31 (AAAB e Ambrosia, Calipso, Bucaneiro e FHIA02 (AAAA, selecionados na Embrapa Mandioca e Fruticultura. Consideraram-se os caracteres: altura da planta; perímetro do pseudocaule; número de folhas vivas no florescimento e na colheita; número de dias do plantio ao florescimento e à colheita; intervalo florescimento à colheita; peso do cacho, da ráquis e da pencas; comprimento e diâmetro do engaço; número de pencas e de frutos; peso da segunda penca; peso, comprimento e diâmetro do fruto e espessura da casca. As correlações entre o peso do cacho e os demais caracteres estudados, variaram entre genótipos e ciclos. As associações entre o peso do cacho e os caracteres da planta, de forma geral foram não-significativas, e entre o peso do cacho e os caracteres do cacho significativas e positivas para a maioria dos genótipos, nos ciclos avaliados. As correlações entre os caracteres envolvendo todos os genótipos ao longo dos dois ciclos foram predominantemente positivas e não- significativas, entretanto, as associações entre os caracteres do cacho foram em maioria significativas, positivas e com valores expressivos.The characters observed in a experimental areas has phenotypic nature and their correlations are estimated with the purpose to verify alterations in one character when is altered another. The objectives of this work were to

  17. Repetibilidade da produção, número e peso de frutos de seleções de pitanga roxa

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Severino de Lira Júnior

    2010-01-01

    Full Text Available Este trabalho teve como objetivos avaliar a produção, número de frutos e peso do fruto de seleções de pitanga roxa (Eugenia uniflora L. estimar por diferentes métodos seus coefificientes de repetibilidade e o número mínimo de avaliações necessárias para selecioná-las com maior confiabilidade, sob as condições edafoclimáticas da Zona da Mata Norte de Pernambuco. O método de componentes principais mostra-se eficiente para estimar coeficientes de repetibilidade da produção, número de frutos e peso da pitanga. A cultivar Tropicana (fruto vermelho apresenta a maior produção média anual, quando comparada com as pitangas de coloração roxa. Entre as cinco seleções de pitanga roxa, a IPA-15.1 apresenta a maior produção média anual. Para peso do fruto, o melhor resultado foi obtido pela seleção IPA-41.1. Os coeficientes estimados para produção número de frutos e peso da pitanga indicam que a variância ambiental pouco influencia essas características fenotípicas de uma safra para outra. Para produção, número de frutos e peso do fruto são necessárias 2, 2 e 5 safras, respectivamente, para selecionar genótipos superiores de pitanga com 90% de confiabilidade dos resultados.

  18. Desenvolvimento do fruto da lichieira (Litchi chinensis Sonn. 'Bengal' Fruit development in 'Bengal' litchi (Litchi chinensis Sonn.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Carlos Chamhum Salomão

    2006-04-01

    Full Text Available Estudou-se o desenvolvimento do fruto da lichieira (Litchi chinensis Sonn. 'Bengal'. Realizaram-se amostragens semanais, com início aos 35 dias após a antese e término no início da senescência dos frutos. A partir do 77º dia após a antese, os frutos foram decompostos em pericarpo, semente e arilo. A antese ocorreu na primeira semana de setembro. Foram ajustados modelos sigmoidais simples para acúmulo de matéria seca, comprimento e diâmetro. Para o acúmulo de matéria seca, uma fase inicial, de crescimento lento, prolongou-se até o 63º dia após a antese e coincidiu com um período de intensa queda natural de frutos. Do 63º ao 98º dia após a antese, houve uma fase de rápido acúmulo de matéria seca. Até o 77º dia, pericarpo e semente foram os principais responsáveis pelo acúmulo de matéria seca. Oitenta e oito por cento do comprimento e 65% do diâmetro máximos foram atingidos nesse período. Do 84º ao 98º dia após a antese, o desenvolvimento do fruto foi determinado basicamente pelo arilo. As dimensões e a matéria seca do fruto estabilizaram-se a partir do 98º dia após a antese. O ponto de colheita comercial dos frutos, caracterizado pela coloração avermelhada do pericarpo, ocorreu a partir do 112º dia após a antese. Verificou-se um quadro senescente nos frutos a partir do 119º dia após a antese.It was studied the fruit development in 'Bengal' litchi (Litchi chinensis Sonn.. The samples were taken weekly 35 days after anthesis until the beginning of fruit senescence. From the 77th day after anthesis, fruits were decomposed in pericarp, aril and seed. Anthesis occurred in the first week of September. The fruit dry matter, length and diameter followed a single-sigmoid pattern. For dry matter accumulation, an initial phase, of slow growth, ended the 63rd day after anthesis and was coincident with a period of intense fruit drop. The next phase occurred from the 63rd to the 98th day and showed a rapid dry matter

  19. Efeito da época de poda na produção e qualidade de frutos de mirtileiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    André Luiz Radünz

    2014-03-01

    Full Text Available As pequenas frutas, como o mirtilo (Vaccinium spp., apresentam propriedades nutricionais e alto potencial antioxidante. Práticas de manejo como a época de poda podem provocar diferentes respostas nas plantas, devido a alterações nas condições climáticas a que as plantas estarão expostas durante seu período reprodutivo. O objetivo do presente trabalho foi avaliar o efeito da poda seca sobre a produção e atributos de qualidade dos frutos de mirtileiro, cultivares Clímax, Bluegem e Powderblue, nas condições da mesorregião de Pelotas, RS. Foram utilizadas plantas adultas de mirtileiro (Vaccinium spp. de pomar comercial, localizado no município de Morro Redondo, RS. Plantas em diferentes parcelas foram submetidas a podas em duas datas: poda 1 em 10 de julho de 2012 e a poda 2 em 10 de agosto de 2012. Frutos colhidos no estadio de maturação completa foram avaliados quanto a produção, teor de sólidos solúveis (SS, acidez total titulável (ATT, pH, cor (ºHue, teor de compostos fenólicos totais, teor de antocianinas totais e potencial antioxidante. A época da poda seca influenciou de forma significativa a produção e os atributos de qualidade dos frutos de mirtilo. A poda, quando realizada na época 1, ocasionou maior produção, entretanto foi na época de poda 2 que as cultivares apresentaram maior teor de compostos fenólicos. As cultivares Bluegem e Powderblue apresentaram ainda maior potencial antioxidante e maior teor de antocianinas.

  20. DESENVOLVIMENTO E PRODUÇÃO DE BANANEIRA ‘GRANDE NAINE’ EM DIFERENTES SISTEMAS DE MANEJO PARA A CONVIVÊNCIA COM A SIGATOKA-NEGRA NO VALE DO RIBEIRA-SP

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    EDSON SHIGUEAKI NOMURA

    2015-09-01

    Full Text Available RESUMO Objetivou-se avaliar o desenvolvimento e a produção de bananeira da cultivar Grande Naine submetidos a diferentes sistemas de manejo para a convivência com a Sigatoka-negra no Vale do Ribeira-SP (Brasil. Utilizou-se de mudas de ‘Grande Naine’ micropropagadas e conduzidas em delineamento inteiramente casualizado, com cinco tratamentos (sistemas de manejo: plantio intercalado; fungicida; desfolha+plantio intercalado; desfolha+fungicida; testemunha e subdividida no tempo (dois ciclos de produção, com oito repetições, considerando uma planta por repetição. Foram avaliados os seguintes parâmetros: altura da planta, diâmetro do pseudocaule, número de folhas ativas no florescimento e na colheita, massa fresca dos frutos comercializáveis, produtividade, número de pencas, número total de frutos, massa fresca total e por frutos da 2ª penca, comprimento e diâmetro de frutos da 2ª penca. Os dados foram submetidos a análises de variâncias, pelo teste F; e as médias, quando significativas, foram submetidas ao teste de Tukey (5 % de probabilidade. Conclui-se que as aplicações de fungicidas foram eficientes para o controle da Sigatoka-negra, com melhores resultados no desenvolvimento, na produção e na qualidade dos frutos da cultivar Grande Naine, porém sem apresentar diferenças quando associados com a desfolha. O plantio intercalado afetou negativamente em todos os parâmetro de desenvolvimento e produção da cultivar Grande Naine.

  1. Qualidade de frutos de pitaya em função da época de polinização, da fonte de pólen e da coloração da cobertura

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriana de Castro correia da Silva

    2011-12-01

    Full Text Available A pitaya (Hylocereus undatus é uma cactácea propagada vegetativamente, o que resulta em pequena ou nula variabilidade nos plantios comerciais. Devido a diversos estudos mostrarem que a espécie é auto ou parcialmente incompatível, realizou-se este trabalho com o intuito de verificar a eficiência de polinização da pitaya autofecundada e utilizando-se de pólen de H. polyrhizus e Selenicereus setaceus, além da influência da época do ano e da coloração da cobertura da tela plástica na qualidade dos frutos. O experimento foi realizado na Área de Fruticultura da Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias - UNESP, Campus de Jaboticabal, num delineamento experimental inteiramente casualizado, em esquema fatorial 3 X 2 X 2 (três espécies doadoras de pólen X duas colorações de cobertura de sombrite, branca e preta, com 50% de sombreamento X duas épocas do ano, com quatro repetições para cada espécie doadora de pólen, em cada uma das coberturas. As flores foram emasculadas em duas épocas (março e abril e polinizadas manualmente. As variáveis avaliadas foram porcentagem de pegamento dos frutos, características físicas e químicas dos frutos (comprimento e diâmetro, massas total, de polpa e de casca, % de polpa, espessura da casca, pH, teor de sólidos solúveis (ºBrix, teor de vitamina C, acidez titulável, índice de maturação - ST/AT e dias da antese até a colheita. Não houve frutificação nas flores autopolinizadas, enquanto as polinizadas com pólen de H. polyrhizus e S. setaceus obtiveram 100% de pegamento. Pode-se concluir que há necessidade de interplantio de plantas de H. undatus (clone avaliado com H. polyrhizus ou S. setaceus para a ocorrência de frutificação, sendo que a utilização de H. polyrhizus como doadora de pólen proporciona a obtenção de frutos com maior massa e menor acidez. As condições climáticas ocorridas durante o desenvolvimento dos frutos, nas épocas estudadas, afetaram a

  2. Nitrogênio e potássio via água de irrigação nas características de produção da bananeira 'Grand Naine' Nitrogen and potassium applied by fertirrigation on the yield characteristics of banana 'Grand Naine'

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Valdemício Ferreira de Sousa

    2004-09-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito do nitrogênio e do potássio, aplicados via água de irrigação por microaspersão, sobre as características de produção da bananeira, cv. Grand Naine. O delineamento utilizado foi o de blocos casualizados, com quatro repetições. Os tratamentos consistiram de 30, 180, 300, 420 e 570 kg ha-1 ano-1 de N e de 55, 330, 550, 770 e 1.045 kg ha-1 ano-1 de K2O, e testemunha, sem adubação, totalizando onze tratamentos, de acordo com o modelo da matriz experimental de Plan Puebla III. Foram avaliadas as características: massa média de fruto, massa média de cacho e produtividade, referentes ao primeiro e segundo ciclos de produção. No primeiro e segundo ciclos, a massa média de fruto, a massa média de cacho e a produtividade foram influenciadas apenas pelas doses de potássio. Os maiores valores de massa média de fruto (253,47 g, massa média de cacho (28 kg e produtividade (55,42 t ha-1, no primeiro ciclo, foram obtidos com a aplicação de 938,31, 665,38 e 665,27 kg ha-1 de K2O, respectivamente. No segundo ciclo, os maiores valores em relação à massa média de fruto (174, 22 g, massa média de cacho (32,04 kg e produtividade (60,08 t ha-1 foram alcançados com a aplicação de 725,50, 907,50 e 933,33 kg ha-1 de K2O, respectivamente. Não houve resposta das características avaliadas ao nitrogênio.The objective of this work was to evaluate the effect of nitrogen and potassium, applied through irrigation water by microsprinkler, on the production characteristics of banana, cv. Grand Naine. The experimental design was a randomized block with four replications. The treatments consisted of 30, 180, 300, 420 and 570 kg ha-1 year-1 of N and of 55, 330, 550, 770 and 1,045 kg ha-1 year-1 of K2O and a control treatment (no fertilizers, totalizing 11 treatments, according to the Plan Puebla III experimental matrix model. The following characteristics were evaluated: average fruit mass, average

  3. Modelo matemático para estimativa da área foliar total de bananeira 'Prata-anã' Esteem method of total leaf area of 'Prata anã' banana tree

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Moises Zucoloto

    2008-12-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi desenvolver um modelo para estimar a área foliar total de bananeira, cultivar Prata-Anã, utilizando dimensões lineares da terceira folha, como o comprimento, a largura e o número total de folhas na emissão da inflorescência. As regressões lineares foram determinadas considerando-se a área foliar total de cada planta (AFT como variável dependente e o comprimento (C e a largura (L da terceira folha, o produto de CxL, o número total de folhas por planta (N e o produto de CxLxN como variáveis independentes. O modelo linear que melhor estimou a área foliar total (AFTe da bananeira 'Prata-Anã', ao nível de 5% de significância com R² de 0,89, foi a equação AFTe = 0,5187(CxLxN + 9603,5.The objective of this work was to estimate the total leaf area of banana, cultivar Prata Anã, according to the linear dimensions of the third leaf, such as the length and the width and the total number of leves in the inflorescence emission. The linear regressions were determined considering total leaf area of each plant (AFT such as dependent variable and the length (C and the width (L of the third leaf, the product of CxL, the total number of leaf per plant (N and the product of CxLxN as independent variables. The best linear model that estimated the total leaf area (AFTe of banana 'Prata Anã' at the level of 5% of significance with R² of 0,89 was the equation AFTe = 0.5187 (CxLxN + 9603.5.

  4. Interação das lesões causadas pela sarna-da-macieira (Venturia inaequalis na capacidade de infestação dos frutos por lagartas de Grapholita molesta (Lepidoptera: Tortricidae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Oscar Arnaldo Batista Neto e Silva

    2011-12-01

    Full Text Available Em monitoramentos de pragas realizados na cultura da macieira foram observadas maiores infestações da mariposa oriental (Grapholita molesta em frutos provenientes de pomares com maior incidência de lesões causadas pela sarna-da-macieira (Venturia inaequalis. Para validar esta observação, conduziu-se um experimento em laboratório com o objetivo de verificar a influência de lesões da sarna da macieira em frutos, na capacidade de infestação por G. molesta. Foram utilizados frutos (n=200 de macieira da variedade Gala com sintomas da sarna (n=100 e frutos sadios (n=100. Uma lagarta recém-eclodida foi inoculada em cada fruto e a avaliação foi realizada 10 dias após a infestação, determinando-se o número de lagartas que conseguiram penetrar nos frutos. Houve diferença significativa na capacidade de penetração das lagartas associado a presença de lesões da sarna (87% quando comparado com frutos sadios (61%. Conclui-se que frutos de maçã da cv. Gala atacados por Venturia inaequalis são mais infestados por lagartas de primeiro ínstar de Grapholita molesta.

  5. Produção de sorvetes e iogurtes a partir dos frutos figo da índia e mandacaru

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    V. R. L. Fidelis

    2015-10-01

    Full Text Available O figo da índia é a fruta que juntamente com o mandacaru fazem parte das espécies nativas da caatinga. Objetivou-se neste trabalho elaborar e caracterizar sorvetes e iogurte a partir do figo da índia e da polpa e casa do fruto do mandacaru. Foi obtido o sorvete de creme e iogurte natural para base e acrescido com polpa e casca para as formulações. Para a caracterização foram realizadas as análises físico-químicas de pH, vitamina C, sólidos solúveis (SS e a acidez titulável (AT. O sorvete e o iogurte apresentaram comportamento ácido. O figo da índia e o fruto do mandacaru mostraram-se com grande potencial para o desenvolvimento de subprodutos com o sorvete e iogurte. Os valores de AT do iogurte (ᴓ 0,62 estão dentro dos padrões pré-estabelecidos.Production of ice cream and yoghurt from the cactus pearfruit and mandacaruAbstract: The Opuntia is a fruit, which together with the Cereus jamacaru are native species of the savanna. The objective of this study was to prepare and characterize ice cream and yogurt from the Opuntia and pulp and peel of Cereus jamacaru fruit. The ice cream and natural yoghurt for base and increased with pulp and peel were obtained for the formulations. For the characterization were performed physicochemical analysis of pH, vitamin C, soluble solids (SS and titratable acidity (TA. The ice cream and yogurt showed acidic behavior. The Opuntia and the fruit of Cereus jamacaru have come out with great potential for the development of by-products with the ice cream and yogurt. AT values of yogurt (ᴓ 0.62 are within the pre-established by the standards.

  6. Morangos produzidos no semiárido de Minas Gerais: qualidade do fruto e da polpa congelados

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ariane Castricini

    2017-08-01

    Full Text Available Resumo O congelamento de morangos inteiros ou em polpa pode fornecer matéria-prima para sua utilização em iogurtes, recheios, coberturas, sorvetes e sucos, fora da safra. Entretanto, ainda que o consumo não seja in natura, a qualidade do produto final deve ser satisfatória. Objetivou-se avaliar a qualidade de morangos produzidos no Semiárido de Minas Gerais, congelados inteiros e em polpa, durante o armazenamento. Frutos das cultivares Tudla, Oso Grande, Albion e Portola foram produzidos em Mocambinho, distrito de Jaíba-MG, após a colheita, foram lavados, embalados (inteiros ou polpa a vácuo e congelados por até 180 dias. Os tratamentos foram constituídos por cultivares (c e dias de armazenamento (d, constituindo fatorial duplo c × d, em que se utilizaram três repetições de 10 frutos por parcela ou três polpas embaladas, para as avaliações de frutos congelados inteiros e em polpa, respectivamente. A intensidade da cor vermelha dos morangos inteiros ou em polpa reduziu-se durante o armazenamento (redução de °hue; quando inteiros, ‘Tudla’, ‘Oso Grande’ e ‘Portola’ foram vermelhos mais claros que ‘Albion’, mas, em polpa, não ocorreu diferença entre ‘Tudla’ e ‘Albion’. Morangos ‘Oso Grande’ armazenados inteiros ou em polpa tiveram maior teor de sólidos solúveis em relação àqueles das demais cultivares, e ‘Portola’, o menor teor e a menor acidez titulável (quando inteiros. ‘Tudla’ apresentou frutos e polpa mais ácidos. Durante o armazenamento de morangos congelados inteiros ou em polpa, produzidos no Semiárido de Minas Gerais, ocorreram modificações nos parâmetros cor, sólidos solúveis e acidez titulável.

  7. Aplicação de reguladores vegetais no retardamento da abscisão de frutos de laranjeira-'Hamlin'

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    ALMEIDA ISOLINA MARIA LEITE DE

    2002-01-01

    Full Text Available O trabalho avaliou os efeitos de auxinas e giberelina, combinadas e aplicadas em pré-colheita no desenvolvimento e na porcentagem de queda natural dos frutos de laranjeira-'Hamlin' (Citrus sinensis Osbeck. Foram realizadas 3 aplicações a intervalos de 45 dias dos seguintes tratamentos, via foliar: GA3 + NAA a 12,5mg.L-1 de cada; GA3 + NAA a 25mg.L-1; GA3 + 2,4-D a 12,5mg.L-1; GA3 + 2,4-D a 25mg.L-1; NAA + 2,4-D a 12,5mg.L-1; NAA + 2,4-D a 25mg.L-1; testemunha (água. As variáveis avaliadas foram: porcentagem de queda natural dos frutos (%, massa fresca de frutos (g e teor de suco no fruto (%. Os resultados obtidos mostram que a utilização de reguladores vegetais atrasa a queda natural de frutos de laranjeira-'Hamlin', podendo-se prolongar o período de colheita, destacando-se o tratamento com GA3 25mg.L-1 +2,4-D 25mg.L-1 e também não influenciaram no aumento da massa fresca e no teor de suco dos frutos.

  8. EFEITO DA ADUBAÇÃO N, P E K NO TEOR DE SÓLIDOS SOLÚVEIS TOTAIS DE FRUTOS DE GOIABEIRA (Psidium guajava L.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    William NATALE

    2009-07-01

    Full Text Available

    RESUMO: Com o objetivo de estudar os efeitos da adubação nitrogenada, fosfatada e potássica sobre o teor de sólidos solúveis totais de frutos de goiabeira, foram realizados seis ensaios de campo, utilizando-se plantas das cultivares rica e paluma, em duas regiões produtoras do Estado de São Paulo, durante três anos. Os resultados mostraram que o grau Brix dos frutos não foi significativamente afetado pelas doses de N, P ou K, durante todo o ensaio. Os frutos da cv. Rica apresentaram valores de sólidos solúveis totais entre 8,0 e 10,8, enquanto a cv. Paluma apresentou teores entre 8,4 e 9,65. PALAVRAS – CHAVE: Goiaba; nutrição; Brix; fertilizante N, P e K.

  9. TENDÊNCIAS TECNOLÓGICAS PARA O PROCESSO DE PREPARAÇÃO DE COMPÓSITO À BASE DE SOLO-CIMENTO E FIBRA DE BANANEIRA PARA FABRICAÇÃO DE TIJOLOS E TECNOLOGIAS CORRELATAS ATRAVÉS DA PESQUISA EM DOCUMENTOS DE PATENTES

    OpenAIRE

    Carvalho dos Santos, Wagna Piler; IFBA; Suzart, Vivian Patricia; IFBA; Ferreira da Silva Júnior, Nelicio; IFBA

    2014-01-01

    A fibra extraída da bananeira (Musa Musácea) após a colheita dos cachos de bananas, que geralmente são descartadas, serve no preparo de um compósito à base de solo-cimento formado para a preparação de tijolo ecológico, com baixo custo e boa qualidade, podendo até mesmo ser utilizado por uma mão de obra não qualificada. O presente artigo tem como objetivo realizar um estudo de prospecção tecnológica relacionado à aplicação do compósito à base de solo-cimento de fibra de bananeira para a fab...

  10. Adubação com potássio e nitrogênio em três cíclos de produção da bananeira cv. prata-anã Fertilization with nitrogen and potassium on irrigated banana crop cv. 'prata-anã', in three cycles

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Tadeu Alves da Silva

    2003-04-01

    Full Text Available O nitrogênio, depois do potássio, é o elemento mais exigido pela bananeira. O desbalanço entre N e K afeta a produção e a qualidade do fruto de banana. O objetivo deste trabalho foi avaliar a influência das adubações com nitrogênio e potássio na produção da bananeira c.v. Prata-Anã (grupo genômico AAB. O experimento foi realizado em Latossolo Vermelho-Amarelo na região do Semi-árido do Norte de Minas Gerais e irrigado por microaspersão. Estudaram-se cinco doses de N (0; 200; 400; 800 e 1600 kg ha-1ano-1 e cinco doses de K2O (0; 200; 400; 800 e 1600 kg ha-1ano-1, em esquema fatorial (5x5, durante o 2º, 3º e 4º ciclos de produção. A aplicação de doses crescentes de N elevou o teor de Mn nas folhas acima da faixa adequada, promovendo queda na produção de banana no 2º e 3º ciclos. Portanto, infere-se que o teor de Mn nas folhas atingiu nível tóxico. Houve efeito do K sobre a produção de banana apenas no 4º ciclo. A produção máxima de banana no 4º ciclo foi obtida com a aplicação de 962,5 kg de K2O ha-1ano-1. Não ocorreu interação significativa entre N e K.Nitrogen, after potassium, is the chemical element most required by banana crop. This work evaluated the effect of nitrogen and potassium fertilization on irrigated banana crop (Prata-Anã, AAB yield. Five rates of N (0 , 200 , 400 , 800 and 1600 kg ha-1 year-1 and five rates of K2O (0; 200; 400; 800 and 1600 kg ha-1 year-1, in a (5x5 factorial design were studied. The data were obtained during three yield cycles (second, third and four cycles, on an eutrofic Red-Yellow latosol, sandy-clay, in the North of Minas Gerais State, Brazil. The content of Mn have increased in the leaves with the increased amount of N applied in the soil. The banana yield reduced with the rise of the Mn content in the leaves, on the second and third cycle. The maximum yield was obtained with the application of 962,5 kg of K2O ha-1year-1, on the fourth cycle. No interaction between

  11. Caracterização biométrica, física e química de frutos da palmeira bocaiuva Acrocomia aculeata (Jacq Lodd

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eliana Janet Sanjinez-Argandoña

    2011-09-01

    Full Text Available Frutos de palmeira bocaiuva (Acrocomia aculeata (Jacq. Lodd., coletados em Dourados (MS e Presidente Epitácio (SP, foram analisados quanto ao aspecto biométrico, a composição química e as características físicas, visando a avaliar seu potencial alimentício. Os frutos de bocaiuva das regiões de procedência não apresentaram diferenças significativas entre si nas características biométricas. O rendimento médio da polpa foi de 42% em relação ao fruto inteiro, sendo superior ao encontrado na literatura para outros frutos de palmeiras. As determinações físicas e químicas da polpa dos frutos das regiões de Mato Grosso do Sul e São Paulo caracterizam a polpa como sendo pouco ácida (pH 5,70 a 6,29. As amostras de Dourados - MS, foram consideradas mais doces (14,53% de açúcares redutores totais e com maior teor de vitamina C (34,57 mg.100 g-1 em relação às amostras de Presidente Epitácio-SP (11,46 mg.100 g-1. Porém, a intensidade da cor amarelo-laranja foi maior na polpa dos frutos de Presidente Epitácio (SP, sugerindo maior conteúdo de carotenoides.

  12. Alterações das características fisiológicas da bananeira sob condições de fertirrigação Alteration of the physiologic characteristics in banana under fertirrigation conditions

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alberto Soares de Melo

    2009-06-01

    Full Text Available A aplicação de fertilizantes via sistema de irrigação tem se tornado uma prática importante para o suprimento de nutrientes na fruticultura. No entanto, é necessário estudar o efeito dessa aplicação sobre a fisiologia da bananeira a fim de aumentar a eficiência do uso desses insumos. O objetivo deste trabalho foi estudar os efeitos de doses de nitrogênio e potássio, via água de irrigação, sobre as características fisiológicas da bananeira, cultivar 'Prata-Anã', nos tabuleiros costeiros do Estado de Sergipe. O experimento foi conduzido no campo, utilizando um fatorial 4x4 com quatro blocos casualizados, na Estação Experimental da Universidade Federal de Sergipe. Foram testados dois fatores: nitrogênio (0; 250; 500 e 750, em kg ha-1 de N, na forma de uréia e potássio (0; 290; 580 e 870, em kg ha-1 de K2O, na forma de cloreto de potássio. Foram determinadas: a taxa de assimilação de CO², a transpiração, a condutância estomática, a concentração interna de CO² e as eficiências no uso da água e da carboxilação. A condutância estomática foi reduzida, principalmente, na fertilização com 700kg ha-1 de N e na ausência de K, afetando as trocas gasosas e, conseqüentemente, o processo fotossintético. Em situações de maior disponibilidade de potássio, as bananeiras necessitam de menores quantidades de nitrogênio para manutenção da eficiência no uso da água, como conseqüência da melhoria no ajuste estomático.Fertilizer application through the irrigation system, has become an important way to supply nutrients to fruit trees. However, it is necessary to study its effects on the banana tree physiology, in order to improve fertilizer use efficiency. The objective of this study was to evaluate doses of nitrogen and potassium through irrigation water, on the physiological characteristics of the banana tree, cv. 'Prata-Anã', in the coastal tablelands of Sergipe State. The experiment was established in the field

  13. Caracterização pós-colheita de frutos de bananeira 'BRS Platina' de primeiro ciclo, sob regulação do déficit de irrigação Post harvest characterization of bananas 'BRS Platina' first cycle under regulation of irrigation deficit

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ariane Castricini

    2012-12-01

    Full Text Available O trabalho teve como objetivo a caracterização pós-colheita de bananas cv BRS Platina (PA42-44, que é um híbrido tetraploide (AAAB desenvolvido pela Embrapa. As mesmas foram produzidas no norte de Minas Gerais, com redução das lâminas (L de água utilizadas na irrigação,a partir dos cinco meses após o plantio. Foram sete os tratamentos avaliados, com combinações de redução da lâmina (55%, 70% e 85% nas fases II e III de desenvolvimento da planta (5 a 7 meses, e 7 a 12 meses após o plantio, caracterizados quanto a: teor de sólidos solúveis totais (sst, despencamento, firmeza da polpa, comprimento e diâmetro do fruto, relação polpa/casca e coloração da casca, definida pelos parâmetros L*, C* e ºh, avaliados quando os frutos estavam totalmente amarelos. O teor de sólidos solúveis totais foi maior nos frutos do tratamento T3, onde houve redução da lâmina de irrigação na fase II (floração para 70% da ETc. A maior relação polpa/casca foi obtida quando a ETc foi reduzida em 25% na fase III, resistência ao despencamento. Os frutos mais firmes foram produzidos quando a ETc na fase II foi reduzida em 45%; já o menor despencamento foi obtido quando esta redução foi de 45% e 30% na fase II, e de 30% na fase III. Os maiores (comprimento e diâmetro e mais pesados frutos foram produzidos na ausência de déficit hídrico durante todo o ciclo da cultura.The study had as objective the post harvest characterization of bananas cultivar BRS Platina that is a tetraployd hybrid AAAB developed by Embrapa. The crop was grown at North of Minas Gerais with reduction of irrigation water depths (L from five months after planting. Seven treatments were evaluated with different combinations of water depth reductions (55%, 70% and 85% during two phases of crop development (5 to 7 months and 7 to 12 months after planting where fruits were characterized when completely yellow by: total soluble solids (tss, dropping, pulp strength

  14. EFEITO DA TEMPERATURA E DO USO DE EMBALAGEM NA CONSERVAÇÃO PÓS-COLHEITA DE FRUTOS DE CAGAITA (Eugenia dysentericaDC.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    JULIANA DE OLIVEIRA CARNEIRO

    2015-09-01

    Full Text Available RESUMO Eugenia dysenterica DC. (cagaiteira destaca-se entre as espécies nativas do Cerrado por produzir frutos de sabor agradável, os quais podem ser consumidos tanto in natura quanto processados na forma de doces, compotas e geleias. Apesar do potencial econômico, é uma planta pouco explorada, principalmente devido à baixa durabilidade dos frutos. Assim, este trabalho teve como objetivo avaliar o efeito da embalagem e da temperatura sobre a conservação pós-colheita de frutos de E. dysenterica. Para isto, os frutos de cagaita foram coletados no estádio verde-maduro, ainda ligados à planta-mãe, e levados ao Laboratório de Botânica da Universidade Federal da Bahia, onde foram selecionados quanto à integridade física, ausência de danos mecânicos epatogênicos. Após lavagem em água corrente, os frutos foram secos e acondicionados em bandejas de poliestireno expandido, cobertas por filme de policloreto de vinila (PVC de 10 micras, perfurados e sem perfuração, e em bandejas sem revestimento de PVC. A perfuração foi realizada visando a maior circulação de ar dentro das embalagens. Em seguida, foram armazenados em duas temperaturas, 5 e 25ºC. Para a avaliação da durabilidade dos frutos, foram realizadas avaliações diárias das características físicas e químicas, incluindo coloração, firmeza, pH, perda de massa, altura e diâmetro. O metabolismo de carboidratos também foi avaliado por meio da quantificação dos açúcares solúveis. Os frutos da cagaita apresentaram durabilidade de 5 dias, independentemente dos tratamentos utilizados, sendo que os submetidos à refrigeração apresentaram sintomas de injúria por frio, alteração da coloração e firmeza (25%, redução de pH e do consumo de carboidratos. Já em frutos mantidos a 25ºC, houve amarelecimento completo, perda de firmeza, aumento do pH e maior consumo de carboidratos. Verificou-se que o uso de embalagens, praticamente, não promoveu efeitos ben

  15. Avaliação da produção e qualidade de frutos de melancia sob diferentes doses de potássio em cobertura

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Joel Carlos Alves Rodrigues

    2016-12-01

    Full Text Available O potássio desempenha várias funções na bioquímica e fisiologia das plantas, como nos processos de fotossíntese, transporte e armazenamento de assimilados. O objetivo do trabalho foi avaliar a produção e qualidade da melancia cv. ‘Crimson Select Plus’ em função de doses de potássio como cobertura. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos ao acaso, com cinco tratamentos, quatro repetições e 20 plantas por parcela. Os tratamentos consistiram de cinco doses de potássio (0, 60, 120, 180 e 240 kg ha-1. A fonte de potássio utilizada foi o cloreto de potássio (60% de K2O, aplicado de forma parcelada em cobertura. Foram realizadas avaliações de produção e qualidade de frutos: diâmetro do fruto - DF (cm, comprimento de fruto - CF (cm, massa fresca - MF e seca do fruto - MS (kg fruto-1, espessura da polpa - EP (cm, espessura casca - EC (cm e produtividade – PRODU (t ha-1. Para avaliação de qualidade, foram realizadas as análises de sólidos solúveis - SS (ºbrix, pH, acidez titulável - AT e índice de maturação - IM (SS/AT. A espessura de casca, pH, acidez titulável e índice  de maturação não foi alterada pelas doses de potássio. A dose que apresentou melhores resultados para a cultura da melancia da cultivar “Crimson Select Plus” em cobertura foi de 209,39 kg de K2O ha-1

  16. Avaliação da intensidade de raleio na qualidade de frutos de nespereira Evaluation of thinning intensity on loquat fruit quality

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aexandre Manzoni Grassi

    2010-01-01

    Full Text Available A nespereira é uma frutífera de origem subtropical, porém com ampla adaptação a regiões de clima temperado com temperaturas baixas pouco rigorosas. Possui inflorescência que origina uma quantidade de frutos superior ao que pode suportar a árvore, produzindo elevada quantidade de frutos de baixo calibre, sendo necessário o raleio de frutos para a melhoria da qualidade. Assim, objetivou-se avaliar o efeito da intensidade de raleio na qualidade de frutos de nespereira. Avaliaram-se as respostas de cinco cultivares e uma seleção de nespereira a quatro intensidades de raleio de frutos (4, 6, 8 e 10 frutos por panícula. As panículas foram selecionadas em relação ao tamanho (aproximadamente 1,5 cm de diâmetro e ensacadas utilizando-se papel jornal. Todas as panículas foram raleadas e ensacadas no mesmo dia. A colheita foi realizada quando os frutos estavam maduros, no ponto de consumo. Foram avaliados comprimento e diâmetro do fruto, massa do fruto e da semente, pH, acidez titulável e teor de sólidos solúveis. Conclui-se que a melhor qualidade de frutos pode ser obtida quando as panículas são raleadas com intensidades de 4 frutos, os quais resultam em maior comprimento, diâmetro e massa. As variáveis massa da semente, pH, acidez titulável e sólidos solúveis não foram afetadas pela intensidade de raleio.Loquat is a fruit of subtropical origin, but with wide adaptation in temperate regions with low, fairly rigorous temperatures. It presents an inflorescence that leads to higher quantity of fruit than the tree can support, resulting in a high quantity of low caliber fruit. To increase the fruit size is necessary to realize the thinning. Thus, the objective of this work was to evaluate the effects of thinning intensities on the loquat fruit quality. It was studied five cultivars and one loquat selection and four thinning intensities (4, 6, 8, and 10 fruit per panicle. Panicles were selected according to equivalent sizes (1.5 cm

  17. Qualidade de frutos da tangerina 'Ponkan' após poda de recuperação Quality of 'Ponkan' tangerine tree after recovering pruning

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vander Mendonça

    2006-04-01

    Full Text Available Objetivou-se com esta pesquisa avaliar a qualidade de frutos de tangerineira 'Ponkan' em três safras subseqüentes aos tratamentos: poda de topo no rebaixamento da copa e poda da parte baixa da planta (saia. O experimento foi conduzido na Fazenda Vito Crincoli, localizada no município de Perdões - MG. O delineamento experimental utilizado foi em blocos ao acaso, em esquema fatorial 4 x 2, sendo poda do topo (sem poda, poda a 3,0; 2,5 e 2,0 m e poda da saia (sem e com a poda com quatro repetições e três plantas úteis por parcela. Os diferentes tipos de poda não prejudicaram a qualidade de frutos de tangerineira 'Ponkan' nas três safras subseqüente as podas. Após o terceiro ano as plantas que sofreram podas mais severas produziram frutos com peso superiores, demonstrando a viabilidade da poda na recuperação da qualidade dos frutos.This research aimed to test top pruning effect on lowering the top canopy and pruning the lower part of the plant on the recovering of 12 years old 'Ponkan' tangerine tree. Plants were four meters height, 6x4 spacing, grafted on 'Cravo' lemon tree. This experiment was carried out at Vito Crincoli' s Farm in Perdões, MG, Brazil . It was used a randomized block experimental design in a factorial scheme of 4x2, top pruning (without pruning, pruning at 3.0; 2.5 and 2.0m from soil level and circumference pruning (with and without pruning with four replications. The useful plot was constituted of three tangerine plants. After third year of treatment plants that had been under more severe pruning gave higher fruit weight. Indicating the used of pruning to recover fruit quality.

  18. Plantio adensado não controla a sigatoka-negra da bananeira Dense plantation do not control banana black-sigatoka

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luadir Gasparotto

    2008-01-01

    Full Text Available Algumas publicações relatam que o adensamento populacional dos bananais reduz a severidade da sigatoka-negra (Mycosphaerella fijiensis. Instalou-se um ensaio com cinco tratamentos e quatro repetições. Os tratamentos 1.600, 2.000, 2.400, 2.800 e 3.200 plantas.ha-1 da cultivar D'Angola foram instalados em parcelas agrupadas de 2.000 m² cada. O tamanho das parcelas foi fixo e o número de plantas por parcela variou conforme o espaçamento adotado para cada população. A área de 2.000 m² foi dividida em quatro subáreas de 500 m², considerando-as como parcelas. Em cada subárea selecionaram-se 15 plantas centrais para serem avaliadas. Na época do florescimento registraram-se a severidade da doença na folha n.°10 e o número de folhas viáveis. Na colheita, a altura e o diâmetro do pseudocaule e o peso dos cachos, das pencas e dos frutos. A análise conjunta dos dados indica que todos os tratamentos foram semelhantes entre si e que o adensamento das plantas não controlou a sigatoka-negra.Many publications show that plantations of high density of bananas decrease the severity of black-sigatoka (Mycosphaerella fijiensis. To test this hypothesis it was instaled an experiment with five treatments and four repetitions. The treatments were density plant of 1.600, 2.000, 2.400, 2.800 e 3.200 plant.ha-1. The cultivar planted was D'Angola and each plot had fixed 2.000 m², the number of plants in each plot changed in accordance with the treatment tested. The plots were divided in four subplots of 500 m² where 15 plants located in the center were measured. The evaluation of severity was carried out in the leaf number ten during the flowering period. It was also evaluated the numbers of viable leaves, height, diameter and weight of production (banch, bunches and fruits. The analyses did not show effect of high density in the parameter measured and it was conclued that the treatments tested had not control black-sigatoka.

  19. Redução da oxidação na propagação in vitro da bananeira 'maçã' Oxidation reduction of in vitro propagation of banana cv. Maçã plants

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mara Rubia Camolesi

    2007-08-01

    Full Text Available A técnica de cultivo in vitro de bananeira enfrenta o problema de oxidação dos ápices caulinares na fase de estabelecimento. Conduziu-se este trabalho, para avaliar a combinação de ácido cítrico e citrato de potássio, buscando reduzir a oxidação in vitro de bananeira 'Maçã'. Os ápices caulinares, medindo 15 mm de pseudocaule e 5 mm de rizoma, foram cultivados no meio MS, com metade da concentração dos macronutrientes. Os tratamentos foram organizados em esquema fatorial 2x2x2 (com e sem pré-tratamento de antioxidantes por 90 minutos, com e sem a adição dos antioxidantes ao meio de cultivo e com e sem a transferência dos ápices caulinares; aos 15 dias, após a inoculação. Cada tratamento foi constituído por 15 ápices caulinares. Foram avaliados o grau de oxidação e o número de brotos na primeira e na segunda repicagem. O menor grau de oxidação foi obtido com o pré-tratamento dos ápices caulinares em 0,25 g L-1 de ácido cítrico e 0,75 g L-1 de citrato de potássio, sem a adição desses antioxidantes ao meio de cultivo e sem a necessidade de transferência dos ápices caulinares, aos 15 dias.The in vitro cultivation technique of banana plants faces the problem of oxidation of the stem apex in the establishment phase. The objective of this work was to evaluate the use of the combination of citric acid and potassium citrate, to reduce the in vitro oxidation of 'Maçã' banana plants. The explants, measuring 15 mm of pseudostem and 5 mm of rhizome, were established in the MS medium with half concentration of the macronutrients. The treatments were organized in factorial design 2x2x2 (with and without pre-treatment of antioxidants for 90 minutes, with and without the addition of the antioxidants in the medium and with and without subculture to the 15 days after the inoculation. Each treatment was constituted by 15 stem apexes. The oxidation degree and the number of buds in the first and in the second re-culture were

  20. A Consciência Como Fruto da Evolução e do Funcionamento do Sistema Nervoso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Campos Alexandre de

    1997-01-01

    Full Text Available Percepções, individualidade, linguagem, idéias, significado, cultura, escolha, moral e ética, todos existem em decorrência da evolução e do funcionamento do sistema nervoso. Teme-se, por vezes, que a concepção da consciência como resultado de um processo biológico corresponda a uma "profanação do espírito humano", com consequente abandono do comportamento moral e ético. Na verdade, ao se investigar a consciência como fenômeno natural e não místico, ampliam-se nossas possibilidades de entendê-la, com ganhos científicos, teóricos e sociais, além dos éticos e morais. Discute-se como a evolução por seleção natural e a organização biológica do sistema nervoso permitem explicar as bases da individualidade, da intencionalidade, de representações simbólicas e do significado. Fenômenos observados em pacientes com danos neurológicos reforçam a concepção de funcionamento modular do sistema nervoso; a consciência não seria uma propriedade exclusiva de um módulo único do sistema nervoso, mas fruto do funcionamento sincrônico de diferentes módulos.

  1. Caracterização do ataque da broca dos frutos do pequizeiro Characterization of the attack of the pequi fruit borer

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo Sergio Nascimento Lopes

    2003-12-01

    Full Text Available O extrativismo dos frutos de pequizeiro (Caryocar brasiliense Camb. (Caryocaraceae é uma importante opção de renda, alimento e emprego para as populações que vivem nas regiões de Cerrado em todo Brasil. Entretanto, a oferta natural desses frutos encontra-se ameaçada por diversos fatores, entre estes, destaca-se uma séria praga, Carmenta sp. (Lepidoptera: Sesiidae, que os torna impróprios para o consumo. Diante disso, o presente estudo objetivou conhecer algumas características do inseto responsável, bem como a forma de ataque aos frutos de pequizeiro, os danos causados e sintomas característicos. Este trabalho foi realizado através da análise de frutos de pequizeiro coletados aleatoriamente, tanto na planta como no solo, na vegetação do tipo Cerrado nos municípios de Montes Claros, Norte de Minas e Itumirim, Sul de Minas, em Minas Gerais. No primeiro município foram colhidos frutos aproximadamente entre 80-120 dias após a antese (DAA, enquanto no segundo, em duas épocas, 45 e 90 DAA. Em cada município, época e local de coleta (planta ou solo foram coletados 50 frutos para análise. As características avaliadas foram: diâmetro longitudinal e transversal, percentagem de frutos danificados, número de lagartas por fruto e número de crisálidas por fruto. Após a análise dessas características, foram anotados e documentados fotograficamente os estágios de desenvolvimento do inseto quanto ao comprimento, coloração e morfologia, bem como os sintomas do ataque. A partir desse trabalho pode-se concluir que a lepidobroca dos frutos de pequizeiro pode provocar danos à produção superior a 50%, destruindo todo o interior dos frutos que se tornam imprestáveis para o consumo. Os frutos mais atacados são os mais jovens, sendo mais comum encontrar uma só lagarta em seu interior.The extractivism of pequi fruits (Caryocar brasiliense Camb. (Caryocaraceae is an important option of income, food and employment for the populations

  2. Detecção e análise da variabilidade de seqüências do Banana streak virus (BSV em bananeiras no Brasil Detection and analysis of Banana streak virus (BSV sequences variability of banana from Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniel Figueiredo

    2006-06-01

    Full Text Available A técnica de PCR utilizando-se "primers" degenerados para o gênero Badnavirus foi utilizada para a detecção e análise da variabilidade de seqüências do Banana streak virus (BSV provenientes de bananeiras. A partir desta metodologia seqüências do vírus puderam ser detectadas em cultivares diplóides (AA, triplóides (AAA; AAB e tetraplóides (AAAB. Foram encontrados quatro padrões de seqüência do BSV (estirpes BSVBR-1, BSVBR-2, BSVBR-3 e BSVBR-4, diferenciadas através da análise do perfil eletroforético das amostras amplificadas. A estirpe BSVBR-1 prevalece nos estados do Acre, Amazonas, Bahia, Ceará, Goiás, Minas Gerais, Piauí, Rio de Janeiro, Rondônia, Santa Catarina, e São Paulo, enquanto que, a estirpe BSVBR-2 foi encontrada em amostras oriundas do Amazonas e do Ceará. As estirpes BSVBR-3 e BSVBR-4 foram encontradas apenas no Ceará. Este trabalho revela a presença de diferentes estirpes do BSV no Brasil, bem como a existência de cultivares de bananeiras sadias e livres de seqüências virais do BSV integradas ao seu genoma.PCR assay using degenerate primers, designed to Badnavirus genus, was used to detect and analyse the variability of BSV strains sequences from banana. The virus was detected in diploid (AA, triploids (AAA; AAB and tetraploids (AAAB banana cultivars. Four BSV sequences patterns (BSVBR-1, BSVBR-2, BSVBR-3 and BSVBR-4 strains were found, and distinguished by eletrophoresis. The strain BSVBR-1 was found in the states of Acre, Amazonas, Bahia, Ceará, Goiás, Minas Gerais, Piauí, Rio de Janeiro, Rondônia, Santa Catarina and São Paulo, while BSVBR-2 strain was detected in the states of Amazonas and Ceará. BSVBR-3 and BSVBR-4 strains were found only in the state of Ceará. This work demonstrated the presence of different BSV strains in Brazil and the existence of health banana cultivars as well as cultivars free of BSV integrated sequences.

  3. Início da produção de frutos de cagaiteira (Eugenia dysenterica DC implantada em Goiânia, Goiás

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eli Regina Barboza de Souza

    2013-09-01

    Full Text Available A cagaiteira é uma planta nativa do Cerrado, adaptada às condições impostas por este bioma, principalmente de sobreviver e produzir em solos muito pobres em nutrientes e em um regime de chuvas com um período acentuado de baixa precipitação. A planta é rústica, ornamental e com alta tolerância ao fogo. Seus frutos são apreciados ao natural e utilizados nos mais diversos tipos de alimentos processados. No entanto, pouco se conhece sobre quanto tempo esta espécie demora a entrar na fase reprodutiva. Este trabalho propõe-se a avaliar o início da produção de frutos de cagaiteiras implantadas na área experimental da Escola de Agronomia, Universidade Federal de Goiás-Goiânia, Goiás, Brasil, entre 2003 e 2008, quando as plantas apresentavam de cinco a dez anos de idade. Para a implantação do experimento, foram coletados frutos em dez áreas da região sudeste do Estado de Goiás e plantadas em um desenho de blocos casualizados, com uma planta por parcela, em quatro blocos, em espaçamento de 6,0 m x 6,0 m. As cagaiteiras apresentaram alta desuniformidade para iniciar sua produção. No quinto ano após o plantio, somente 5,2% das plantas entraram em produção e, após dez anos, 55,7% das plantas. Destas plantas, somente 6,8% conseguiram produzir em, pelo menos, quatro anos de observação. Apenas quatro plantas entraram em produção e mantiveram esta nos seis anos de observação. O número de frutos por planta é muito baixo; somente 3,4% das plantas produzem mais de 200 frutos no décimo ano. Existe uma tendência de aumento de número de frutos com a idade da planta.

  4. Avaliação da atividade antifúngica de extratos de gengibre e eucalipto in vitro e em fibras de bananeira infectadas com Helminthosporium sp = Evaluation of antifungal activity in vitro of ginger and eucalypt extracts on banana fibers infected with Helminthosporium sp

    OpenAIRE

    Edvirgem Rodrigues; Kátia Regina Freitas Schwan-Estrada; José Renato Stangarlin; Maria Eugenia Silva Cruz; Ana Cristina Grade Fiori-Tutida

    2006-01-01

    O presente trabalho teve como objetivo avaliar a fungitoxicidade dos extratos brutos aquosos (EBA) de gengibre (Zingiber officinalis) e eucalipto (Corymbia citriodora) sobre o fungo Helminthosporium sp. Este patógeno foi identificado nas fibras do pseudocaule da bananeira, as quais são utilizadas na fabricação de artesanato local. Foram avaliados o crescimento micelial e esporulação do fungo in vitro, além do crescimento da colônia fúngica nas fibras tratadas com os extratos das plantas. As f...

  5. Revestimentos de fécula de mandioca, perda de massa e alteração da cor de frutos de pimentão

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vicentini Nívea Maria

    1999-01-01

    Full Text Available Uma proposta em estudo para minimizar as perdas pós-colheita, é o uso de revestimentos derivados da fécula de mandioca. Frutos de pimentão (Capsicum annuum L. cultivar Magali, foram mergulhados (1 minuto em suspensões a 1 e 3% de fécula geleificada, secos naturalmente ao ar e armazenados em condições ambientais onde a temperatura média do período variou de 20,2-21,8°C. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado com 3 tratamentos, 6 repetições e 5 frutos por parcela. As análises de controle (perda de massa e alteração da coloração, foram feitas a cada dois dias por um período de 10 dias. Os frutos com película a 3%, apresentaram inibição no desenvolvimento da coloração vermelha; porém não houve efeito sobre a perda de massa.

  6. Bactérias diazotróficas em mudas de bananeira

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    WEBER OLMAR BALLER

    2000-01-01

    Full Text Available Este trabalho objetivou selecionar bactérias diazotróficas isoladas de bananeira (Musa spp. e avaliar sua influência no crescimento de mudas micropropagadas. Bactérias do tipo Herbaspirillum e relacionadas a Burkholderia cepacia foram inoculadas em plântulas de banana cv. Prata Anã e cv. Caipira. As bananeiras cv. Prata Anã, cultivadas in vitro com substrato pobre em N, apresentaram maior crescimento na presença de bactérias do tipo Herbaspirillum, ao passo que as bananeiras cv. Caipira cresceram melhor com o inóculo contendo bactérias do gênero Burkholderia. Em casa de vegetação, as bananeiras cv. Caipira crescidas em sacolas de plástico contendo areia e vermiculita (1:2, suplementada com a solução de Hoagland contendo 5 mg L-1 de N, apresentaram maior crescimento quando da inoculação simultânea dos dois gêneros de bactérias, em comparação à inoculação individual. A inoculação simultânea proporcionou um crescimento nas bananeiras equivalente ao observado nas plantas-controles adubadas com 50 mg L-1 de N no substrato, porém o teor e o acúmulo de N na parte aérea das bananeiras foram menores. A contribuição de bactérias diazotróficas no crescimento de bananeiras é demonstrada pela primeira vez.

  7. Avaliação de cultivares e híbridos de bananeira no recôncavo baiano Evaluation of banana cultivars and hybrids in northeastern Bahia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcelo Bezerra Lima

    2005-06-01

    Full Text Available O programa de melhoramento genético de bananeira da Embrapa Mandioca e Fruticultura Tropical visa desenvolver e selecionar novas cultivares de bananeira com alta produtividade, bom sabor dos frutos e que apresentem resistência às principais doenças. Objetivou-se com este trabalho avaliar cultivares e híbridos de bananeira visando a identificação de genótipos superiores em produtividade e resistência a doenças. Foram avaliados os híbridos da cv. Gros Michel (Calipso, Bucaneiro e Ambrosia; da cv.Yangambi (YB42-21 e YB42-17; da cv. Prata (ST42-08 e ST12-31 e de Prata-Anã (SH3640 e as cultivares Pacovan e Nanicão. As características utilizadas para as avaliações foram: altura da planta (m; diâmetro do pseudocaule (cm; número de folhas vivas na floração; número de folhas vivas na colheita; número de frutos por cacho; peso do cacho (kg; peso médio de frutos (g; comprimento do fruto (cm; diâmetro do fruto (cm; espessura da casca (mm; número de dias do plantio à floração e número de dias do plantio à colheita. Usou-se o delineamento em blocos casualizados com 10 tratamentos, cinco repetições e seis touceiras por parcela, espaçadas de 2,00 m x 3,00 m. Os híbridos avaliados apresentaram características agronômicas iguais ou superiores as cultivares que lhes deram origem. Os melhores híbridos de 'Prata', 'Yangambi' e 'Gros Michel' foram respectivamente, ST12-31, YB42-21 e Bucaneiro.The banana genetic breeding program at Embrapa Cassava and Tropical Fruits aims to develop and select new banana varieties with high productivity, good fruit flavor and resistance to most banana diseases. The objective of this work was to evaluate banana cultivars and hybrids in order to identify superior genotypes for productivity and disease resistance. The following characteristics were evaluated: plant height (cm; pseudostem diameter (cm; number of living leaves during flowering; and at harvest number of fingers per bunch; bunch weight

  8. Crescimento e produção de genótipos de bananeiras em clima subtropical Growth and production of banana genotypes in subtropical climate

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Manoel Euzébio de Souza

    2011-04-01

    Full Text Available O presente trabalho teve como objetivo avaliar as características de crescimento e o potencial produtivo de genótipos de bananeira em Botucatu/SP. Foram avaliadas características de crescimento, tais como altura de planta, circunferência do pseudocaule, número de folhas e número de dias entre o florescimento e a colheita. Estas medidas foram realizadas na emissão da inflorescência. Foram mensuradas também as características de produção, como peso do cacho, número de frutos, peso médio dos frutos, produtividade, número de pencas; peso, número, comprimento e diâmetro dos frutos da 2a penca. O delineamento adotado foi o inteiramente casualisado, com 11 tratamentos (genótipos, cinco repetições e duas plantas úteis por parcela experimental. Os genótipos que apresentaram melhor desempenho agronômico, dentro de cada grupo genômico, foram 'Grand Naine'(AAA, 'Thap Maeo' (AAB e 'Fhia 01' (AAAB.The objective of this research was to evaluate the growth characteristics and the productive potential genotypes of banana tree in Botucatu/SP. It was evaluated growth characteristics such as plant height, pseudostem circumference, number of leaves, number of days between flowering and harvest, measured at the flowering time. It was also measured production characteristics, such as bunch weight, number fruits, average weight of the fruits, productivity, number of hands and weight, number, length and diameter of the 2nd bunch. The experimental design was completely randomized with 11 treatments (genotypes, five replications and two plants per plot. The genotypes that showed the better agronomic performance within each genomic group were 'Grand Naine'(AAA, 'Thap Maeo' (AAB e 'Fhia 01' (AAAB.

  9. Tipologia de frutos e síndromes de dispersão de um fragmento de Cerrado sensu stricto da APA do Gama e Cabeça de Veado e montagem de Coleção Didática de frutos – Carpoteca - doi: 10.5102/ucs.v9i1.1385

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carolina Cátia Schaffer

    2011-07-01

    Full Text Available Com o objetivo de realizar um levantamento tipológico de frutos e síndromes de dispersão de um fragmento de Cerrado sensu stricto, e montar uma carpoteca, o presente trabalho partiu da premissa de que o Cerrado apresenta alta diversidade de frutos e estratégias de dispersão. Os frutos foram coletados na APA do Gama e Cabeça de Veado (Brasília-DF, entre os meses de agosto de 2009 a maio de 2010. A coleta foi feita pelo método de caminhamento com busca ativa por espécimes maduros. Os frutos foram classificados de acordo com a consistência, deiscência e as síndromes de dispersão, e divididos em grupos, tipos e subtipos. Foram coletados 79 frutos, sendo 70 frutos simples, 7 múltiplos e 2 compostos; 43 deiscentes e 36 indeiscentes; 53 secos e 26 carnosos. Anemocoria foi a síndrome de dispersão prevalecente. A diversidade florística encontrada no fragmento garantiu elevada variabilidade de formas de frutos para a carpoteca.

  10. Termoterapia para o controle de patógenos em pós-colheita em frutos da cajazeira = Thermotherapy for post harvest pathogens on Spondias fruits

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Henrique de Brito

    2008-01-01

    Full Text Available O tratamento térmico, principalmente água quente, é método alternativo que tem sido utilizado para o controle de doenças e infestações de insetos em frutos póscolheita. O presente trabalho teve como objetivo determinar a combinação de tempo e temperatura adequada para o controle de fungos de pós-colheita em frutos de cajazeira em atmosfera ambiente. No primeiro tratamento, os frutos foram imersos em água quente e no segundo foram expostos ao vapor a 50°C por 0, 10, 20, 30 e 40 minutos para diferentes lotes de frutos. Foram retiradas de cada fruto/tratamento quatro secções, as quais foram incubadas em placas de Petri com BDA, sendo realizadas as avaliações da incidência de fitopatógenos após 7 dias de incubação. Os resultados obtidos demonstraram uma maior incidência de Rhizophus sp. nos tratamentos avaliados e redução de Aspergillus sp. e Fusariumsp., cujo comportamento foi influenciado pelo tratamento termoterápico, podendo ser indicado os tratamentos vapor e banho-maria a 50ºC a partir de 20 minutos como método alternativo no controle pós-colheita de Aspergillus sp. e Fusarium sp. em frutos da cajazeira.Thermal treatment, mainly hot water, is an alternative method that has been used for diseases and pests infestation in post harvest fruits. The present work aimed to determine a combination of correct time x temperature for post harvest fungus control on Spondias fruits. For the first treatment, fruits were dipped on hot water and, for the second, on hot air, both with 50°C for 0, 10, 20, 30 e 40 minutes for different fruit groups. Four pieces were sectioned from each fruit, per treatment, and incubated in Petri dishes with BDA,being evaluated for fungus incidence after seven days incubation. Obtained results showed higher incidence of Rhizopus sp. on the evaluated treatments, and a reduction of Aspergillus sp. and Fusarium sp., while behaviour was influenced by thermotherapy, indicating air and hot water at 50º

  11. Influência do tratamento químico da fibra de bananeira em compósitos de poli(etileno-co-acetato de vinila com e sem agente de expansão

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Matheus V. G. Zimmermann

    2014-01-01

    Full Text Available Neste trabalho foi avaliada a influência do tratamento alcalino na fibra de bananeira (FB e seu uso como agente de reforço em compósitos expandidos de poli(etileno-co-acetato de vinila - EVA. O processo de mistura dos compósitos ocorreu em um misturador de rolos aberto e após conformados e expandidos em uma prensa aquecida com moldes de volumes variáveis. Os compósitos foram avaliados por suas propriedades mecânicas, térmicas e morfológicas. Os resultados indicam que o tratamento alcalino promove a extração de componentes menos estáveis na FB, tais como a lignina, hemicelulose, ceras e óleos de baixo peso molecular. O uso da FB nos compósitos proporciona um decréscimo das propriedades mecânicas de resistência à tração e rasgo em relação ao EVA puro devido a moderadas propriedades de interface polímero-fibra. Nos compósitos expandidos, as propriedades mecânicas decrescem com a diminuição da densidade em função da maior presença de espaços vazios no interior dos compósitos, porém as propriedades mecânicas específicas de resistência ao rasgo apresentaram melhores resultados com 10 pcr de FB em todos os moldes utilizados.

  12. Tratamientos poscosecha para el control de los daños por frío en frutos climatéricos y no climatéricos

    OpenAIRE

    Romojaro Casado, María del Carmen

    2016-01-01

    Dado que en los frutos climatéricos la mayoría de los procesos relacionados con la maduración están regulados por el etileno, esta hormona podría participar en el desarrollo de los daños por frío (DF). En el caso de los frutos no climatéricos, aunque el etileno no interviene en el desencadenamiento y desarrollo de la maduración, podría también tener un efecto inductor de los DF en las especies sensibles, ya que también el deterioro se inicia por la degradación de las membranas celulares. En l...

  13. Progresso da sigatoka-negra (Mycosphaerella fijiensis em bananeiras após a emissão do cacho no Município de Cáceres, Mato Grosso-Brasil Progress of black sigatoka (Mycosphaerella fijiensis in banana plants after the bunch emergence in the district of Cáceres, Mato-Grosso-Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Márcia Benedita Martins

    2007-09-01

    Full Text Available A sigatoka-negra, causada pelo fungo Mycosphaerella fijiensis, pode causar 100% de perdas na produção das cultivares suscetíveis. O objetivo deste trabalho foi avaliar o progresso da sigatoka-negra em bananeiras após a emissão do cacho no Município de Cáceres, Mato Grosso. O experimento foi conduzido no período de fevereiro a dezembro de 2004 em plantios das cultivares Grande Naine, Maçã e Farta Velhaco, sendo esta última uma cultivar de plátano, do grupo Terra. As avaliações foram efetuadas a intervalos de 15 dias, quantificando-se, através de uma escala diagramática, a severidade da sigatoka-negra em todas as folhas de 5 plantas de cada cultivar, marcadas logo após a emissão das inflorescências. A partir dos dados coletados no campo, computaram-se: a severidade da doença na folha n.º 10 e o número de folhas viáveis. Considerou-se como folha viável as folhas sadias e aquelas com até 15% de área foliar lesionada. Os dados de temperatura e da umidade relativa foram registrados por um aparelho eletrônico instalado na área. A precipitação pluvial foi registrada na Estação meteorológica de Cáceres, distante 12 km do experimento. As condições climáticas foram favoráveis à sigatoka negra durante o ano todo e as plantas das cultivares Grande Naine, Maçã e Farta Velhaco após a emissão do cacho, perderam totalmente as folhas antes dos frutos atingirem o pleno desenvolvimento, cujos prejuízos no primeiro semestre atingiram 100% de perdas na produção comercializável.The black sigatoka, caused by Mycosphaerella fijiensis may cause 100% of yield losses in susceptible cultivars. The objective of this work was to evaluate the progress of the black sigatoka in banana plants after the bunch emergence, in the district of Cáceres, Mato Grosso State - Brazil. The experiment was carried out from February to December 2004, in banana cultivars "Grande Naine" and "Maçã", as well as plantain cultivar Farta Velhaco (Terra

  14. IMPACTO DA REFRIGERAÇÃO SOBRE VARIÁVEIS DE QUALIDADE DOS FRUTOS DO AÇAIZEIRO (EUTERPE OLERACEA*

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    DARLY RODRIGUES POMPEU

    2009-09-01

    Full Text Available

    Os frutos do açaizeiro (Euterpe oleracea são processados de 24 a 72 horas após sua coleta, permanecendo este tempo em condições de umidade relativa e temperatura altas, favorecendo um rápido crescimento microbiano e a oxidação de seus principais compostos antioxidantes, as antocianinas. A fi m de diminuir estas degradações, avaliouse o impacto da refrigeração (5, 10, 15°C, frente à temperatura ambiente da região (30°C, bem como o tempo de estocagem (0, 8, 20, 27, 44 e 70 horas sobre a perda de massa dos frutos, a carga microbiológica e a concentração de antocianinas. O tempo e as temperaturas de refrigeração tiveram um efeito altamente signifi cativo (p<0,001 nas três respostas estudadas. Determinou-se ainda a capacidade calorífica dos frutos a 30ºC (3,84 kJ kg-1°C-1. A temperatura dos frutos armazenados a temperatura ambiente aumentou de 25ºC para, aproximadamente, 30ºC depois de 11 horas de armazenamento, após este período a temperatura oscilou entre 29 e 31ºC.

  15. Efeito da "mancha-chocolate" nas características físico-químicas e químicas de frutos de abacaxizeiro-'Pérola'

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    BOTREL NEIDE

    2002-01-01

    Full Text Available A "mancha-chocolate" constitui-se de um novo problema surgido na cultura do abacaxi, cuja causa não foi ainda determinada. Caracteriza-se pelo escurecimento da polpa, tornando o fruto impróprio para a comercialização. A proposta desse trabalho foi caracterizar as transformações físico-químicas e químicas que ocorrem em um fruto afetado pela "mancha-chocolate" a fim de subsidiar futuras pesquisas. Estudaram-se frutos da cultivar Pérola, provenientes de Miranorte'- Tocantins, em quatro estádios de maturação (estádio 1- verde; estádios 2 e 3 -- intermediários; e o estádio 4- maduro. Todos os frutos foram cortados no sentido vertical, sendo posteriormente efetuada uma avaliação visual das lesões decorrentes da "mancha-chocolate", separando-se frutos afetados e aparentemente sadios. Os frutos afetados foram separados em três categorias: frutos com manchas fracas (MF, frutos com manchas moderadas (MM e frutos com manchas intensas (MI . Foram feitas as seguintes avaliações: teores de compostos fenólicos, polifenoloxidase, peroxidase, vitamina C, acidez titulável, sólidos solúveis, pH, açúcares totais, redutores e não redutores. Verificou-se que os sintomas da "mancha-chocolate" se intensificaram nos frutos mais maduros e caracterizavam-se por apresentar um aumento acentuado no teor de compostos fenólicos e maiores atividades para as enzimas polifenoloxidase e peroxidase, o que conferiu ao problema um distúrbio de natureza fisiológica. Menores teores de vitamina C e de açúcares totais também foram observados nos frutos com manchas severas, quando comparados aos frutos com manchas fracas e os aparentemente sadios.

  16. Avaliação da dissimilaridade genética em genótipos de bananeira (Musa spp. via marcadores RAPD Evaluation of genetics dissimilarity in banana tree genotypes (Musa spp. by means of RAPD markers

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carolina Maria Palácios de Souza

    2008-06-01

    Full Text Available A bananicultura possui grande importância econômica e social. A UENF, por meio do Laboratório de Melhoramento Genético Vegetal iniciou um trabalho de introdução de cultivares de bananeira. Foram introduzidas cultivares com procedência da Embrapa Mandioca e Fruticultura e Embrapa Amazônia Ocidental. O objetivo deste trabalho foi realizar um estudo de diversidade genética entre 21 cultivares e obter a correta identificação de possíveis genótipos introduzidos na UENF. Foram avaliados os seguintes genótipos: Fhia 18, Prata-Anã, UENF 1526, Pacovan, Caipira, Maçã, UENF 1527, Nanicão, Thap Maeo, UENF 1528, UENF 1529, Grande Naine, Ambrósia, Bucaneiro, Calipso, PV42-68, PV42-85, PV42-142, ST12-31, Calcutta e BB da França. A análise de divergência genética foi feita com base na caracterização molecular, utilizando-se da técnica RAPD. Para serem obtidas marcas moleculares RAPD, foram utilizados 31 "primers", gerando um total de 94 marcas totais. Os resultados mostraram que os marcadores moleculares RAPD foram eficazes em revelar a existência de diversidade genética entre os 21 genótipos de bananeira. Na interpretação das análises moleculares, foi utilizado o complemento aritmético do Índice de Jaccard. Com base nas análises de agrupamento hierárquicas UPGMA e o método de otimização de Tocher, essa diversidade pôde ser observada pela presença de genótipos similares e divergentes.Banana is a very important social and economic crop. The introduction of of banana cultivars was initiated through the Plant Genetics Laboratory at UENF. Cultivars from Embrapa Cassava and Tropical Fruits and Western Amazon were introduced. The objective of the present work was to analyze the genetic dissimilarity between 21 cultivars and obtain the correct identification of the possible genotypes introduced at UENF. The following genotypes were evaluated: Fhia 18, Prata Anã, UENF 1526, Pacovan, Caipira, Maçã, UENF 1527, Nanicão, Thap

  17. Desenvolvimento e produção de frutos de bananeira em resposta à adubação nitrogenada e potássica Development and production of fruits of banana plant as a response to nitrogen and potassium fertilization

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    EDILSON CARVALHO BRASIL

    2000-12-01

    Full Text Available Avaliou-se o efeito da adubação nitrogenada e potássica no desenvolvimento e produção da bananeira (Musa spp., cultivar Pioneira, em experimento conduzido no Município de Capitão Poço, PA, em Latossolo Amarelo, utilizando-se o delineamento experimental em blocos casualizados. Os tratamentos foram: 0, 80, 160 e 240 g de N/planta/ano e 0, 150, 300 e 450 g de K2O/planta/ano. Como fontes de nutrientes, utilizaram-se uréia e cloreto de potássio. Os resultados de crescimento, até 240 dias do plantio, indicaram que apenas o N influenciou a circunferência do pseudocaule e a altura de planta, verificando-se que o modelo quadrático ajustou-se melhor a todas as variáveis avaliadas. No segundo ciclo de produção, a adição de K promoveu efeito quadrático no peso de cacho, peso de penca por cacho e peso médio de penca, com incrementos de 73, 76 e 39%, respectivamente, em relação à ausência de K. A aplicação de N promoveu aumento linear no peso de cacho e de pencas por cacho, com aumentos máximos de 32 e 30%, respectivamente, em relação a ausência do nutriente. No terceiro ciclo de produção, apenas o K influenciou no peso de cacho, peso de penca por cacho e peso médio de penca, com aumentos de 39, 40 e 26%, respectivamente.The effect of the N and K fertilization on the development and production of the banana plant (Musa spp., cv. Pioneira, was evaluated in an experiment carried out in Capitão Poço county, Pará State, Brazil, in a Yellow Latosol, using a randomized blocks design, in factorial arrangement of 4x4. The treatments were: 0, 80, 160 and 240 g of N per plant per year; 0, 150, 300 and 450 g of K2O per plant per year. Urea and potassium chloride were used as nutrient sources. The results of plant growth showed that there was effect of N on circumference of pseudostem and plant height. The quadratic model was better adjusted to all the variables. The results of production of the second cycle indicated that K increased

  18. Composição química do óleo fixo obtido dos frutos secos da [Chamomilla recutita (L. Rauschert] produzida no município de Mandirituba, PR.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    N.P. Pereira

    Full Text Available A camomila [Chamomilla recutita (L. Rauschert], é uma planta empregada na indústria de medicamentos, cosméticos e alimentos. Os frutos secos da camomila conhecidos por "sementes" são provenientes dos capítulos florais, dos quais pode-se extrair um óleo fixo rico em ácidos graxos insaturados. Através da técnica de extração com hexano em dispositivo de soxhlet, foi obtido o óleo bruto dos frutos secos da camomila em 19% de rendimento. O óleo foi caracterizado pela técnica de CG-EM, revelando um elevado teor de ácido linoleico na sua composição. Portanto, o óleo oriundo dos frutos secos da camomila vem a ser uma matéria-prima potencialmente útil na dermo-farmácia.

  19. Balanço hídrico e da salinidade do solo na bananeira irrigada com água de diferentes salinidades = Soil water and salinity balance on banana irrigated with water of varied salinity

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ancélio Ricardo de Oliveira Gondim

    2009-01-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito de diferentes níveis de salinidade de água de irrigação no uso consultivo na fase reprodutiva da bananeira e evolução da salinidade do solo. Adotou-se o delineamento inteiramente casualizado em parcelas subdivididas, totalizando oito tratamentos com quatro repetições por tratamento. Os níveis de salinidade foram obtidos a partir de águas naturais de poços dos aquíferos arenito e calcário e foram misturadas em tanques de alvenaria para a obtenção das concentrações de salinidade desejada. Verificou-se que a área do bulbo com umidade superior a 8% representa aproximadamente 50% do volume do solo. A evapotranspiração da cultura diminuiu com o aumento da salinidade entre os tratamentos, o kc médio no período variou de 1,01 a 1,09 em águas de salinidade extremas. Comparando os perfis da salinidade do solo, verificou-se quea concentração de sais foi superior na camada superficial aos 440 dias após plantio.The objective this work was to evaluate the advisory use of two cultivars banana and the salinity of the soil in different water salinity levels (0.55; 1.70; 2.85; and 4.00 dS m-1 during the reproductive phase. The experimental design chosen was randomizedcomplete blocks in subdivided plots, totaling eight treatments with four repetitions per treatment. The salinity levels were obtained from natural waters of wells from sandstone and calcareous aquifers and were mixed in masonry tanks in order to obtain the desiredsalinity concentrations. It was verified that the area of the bulb with moisture greater than 8% represents approximately 50% of the volume of the soil. The evapotranspiration of the culture decreased with the increase in the salinity among the treatments; the average kc in the period varied from 1.01 to 1.09 in waters of extreme salinity. Comparing the salinity profiles of the soil, it was verified that the concentration of salts was highest on the surfacelayer at 440

  20. Influência da idade da planta e da maturação dos frutos no momento da colheita na qualidade do café

    OpenAIRE

    Borges,Fernanda Barbosa; Jorge,José Tadeu; Noronha,Regina

    2002-01-01

    São de grande importância os cuidados no preparo do café desde a colheita até o consumo e o estudo de parâmetros que possam influenciar na classificação comercial do grão e na qualidade da bebida. Teve-se como objetivos analisar a influência da idade das plantas, pertencentes à mesma variedade, e dos estágios de maturação dos grãos (secos, cerejas e verdes) no resultado da classificação comercial e na qualidade da bebida. Realizou-se a colheita, por derriça no pano, de uma área com café arábi...

  1. Análise toxicológica da fase I do exsudato extraído do fruto de Mangifera indica L.

    OpenAIRE

    Henrique da Silva Ramos, Eduardo; Simões Duarte, Helena; Chavez Jimenez, George

    2012-01-01

    Introdução: as plantas representam ainda uma importante fonte de materia prima para a confecção de medicamentos. Mas, apesar do grande número de espécies vegetais no Brasil, apenas uma pequena parcela tem sido estudada adequadamente. A Mangifera indica, hoje integrante da flora brasileira, tem em suas diferentes partes, substâncias ativas importantes, embora não haja na literatura informações sobre os efeitos dos componentes existentes no exsudato do pedúnculo do fruto, principalmente das sua...

  2. Contribuição ao estudo químico e avaliação da atividade antioxidante dos frutos verdes de Clusia paralicola (Clusiaceae)

    OpenAIRE

    Rafaela Oliveira Ferreira

    2011-01-01

    Clusia paralicola (Clusiaceae) têm ocorrência nas florestas nordestinas, especialmente do semi-árido e dos brejos de altitude, é conhecida popularmente como pororoca. Este trabalho descreve o estudo químico e a avaliação da atividade antioxidante dos frutos verdes de Clusia paralicola. O estudo químico resultou no isolamento e identificação de dois biflavonóides (GB-1-7-O-glicosídeo e 3,8-binaringenina-7-O-β-glicosídeo), uma catequina (epicatequina), dois esteróides (β-sitosterol...

  3. Efeitos dos frutos da Solanum lycocarpum St. Hil. em ratas prenhes e sua prole durante a gestação e início da lactação: alterações na esfera reprodutiva e na atividade dos sistemas monoaminérgicos centrais

    OpenAIRE

    Aline Schwarz

    2005-01-01

    A Solanum lycocarpum St. Hil (Solanaceae) é uma planta nativa do cerrado brasileiro, cujos frutos possuem os glicoalcalóides esteroidais solasonina e solamargina. É possível que a ingestão de frutos que contenham esses glicoalcalóides possam interferir no equilíbrio do sistema endócrino. O presente estudo foi realizado com o objetivo de avaliar os possíveis efeitos tóxicos provenientes da ingestão diária de frutos verdes da S. lycocarpum (10% na ração) por ratas prenhes, a partir do 6° dia da...

  4. Avaliação de genótipos tetraploides de bananeira cultivados em área infestada pelo agente causal do mal-do-Panamá

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sebastião de Oliveira e Silva

    2011-03-01

    Full Text Available O mal-do-Panamá é uma doença que causa grandes prejuízos à bananicultura no Brasil, uma vez que as principais cultivares em uso são suscetíveis ao Fusarium. Este trabalho teve como objetivos avaliar características agronômicas e resistência ao mal-do-Panamá de híbridos tetraploides de bananeira. O experimento foi conduzido no campo experimental da Embrapa Mandioca e Fruticultura Tropical, em delineamento casualizado, com 14 tratamentos e 10 repetições, nos anos de 2000 e 2001. Foram avaliados 14 tetraploides (FHIA-03, PV03-44, PC42-01, PV42-53, PV42-68, PV42-81, PV42-85, PV42-129, PV42-142, PV42-143, SH3640, ST12-31, ST42-08 e YB42-21 e a cultivar Maçã, usada como testemunha. Avaliaram-se as características altura da planta (m e diâmetro do pseudocaule (cm a 30 cm do solo, peso da massa do cacho (kg, penca (kg e fruto (g, número de pencas por cacho, de frutos por penca e de dias do florescimento à colheita, e a incidência do mal-do-Panamá. As médias dos genótipos foram agrupadas pelo teste de Scott e Knott, a 5% de probabilidade. Observa-se uma ampla variação genética nos caracteres avaliados. Os genótipos FHIA 03, ST12-31, SH3640, PV42-142, PV42-53 e PV42-68apresentam boas características agronômicas e resistência ao mal-do-Panamá.

  5. Caracterização e qualidade de frutos de umbu-cajá (Spondias tuberosa X S. mombin provenientes do Recôncavo Sul da Bahia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Márcio Barros dos Santos

    2010-12-01

    Full Text Available O Recôncavo Sul da Bahia apresenta uma significativa riqueza de fruteiras nativas com grande potencial alimentício. Além de indicativos etnológicos sobre seus usos como alimento, pouco se conhece sobre elas, principalmente sobre sua composição bromatológica. A exemplos destas fruteiras, encontram-se os frutos do umbu-cajá (Spondias tuberosa X S. mombin que são amplamente consumidos in natura ou na forma de produtos processados em quase todo o Brasil. Devido à crescente aceitação de seus produtos e à incessante busca por novos sabores, as agroindústrias vêm despertando o interesse tanto para o mercado interno quanto para exportações. Entretanto, apesar do forte interesse comercial, poucos estudos foram efetuados na busca de respostas sobre a sua composição. Nesse sentido, este trabalho teve o objetivo de efetuar a caracterização física, físico-química e mineralógica dos frutos de umbu-cajá cultivados nas condições climáticas do Recôncavo Sul da Bahia. Foram realizadas análises de peso do fruto e da casca; tamanho e diâmetro; percentagem de casca, semente e polpa; pH; sólidos solúveis totais; acidez titulável; relação sólido solúveis/acidez (Ratio; índice tecnológico; açúcares (redutores, não redutores e totais; vitamina C; proteína; umidade; lipídios; fibra bruta; amido; e minerais (fósforo, ferro, cálcio, sódio e potássio. Os frutos apresentaram tamanho grande (23,18g com rendimento considerável de polpa (69,70 % e razoáveis valores de açucares (7,49 %, acidez (1,32 %, fibras (1,36 %, vitamina C (8 mg /100g e minerais ( Na-40 mg /100g; K-44mg /100g; P-17,76mg /100g; Fé-0,59mg /100g; e Ca-12,25mg /100g, demonstrando ser uma alternativa para o mercado de frutas in natura, bem como para a agroindústria na região.

  6. Influência da idade da planta e da maturação dos frutos no momento da colheita na qualidade do café

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Borges Fernanda Barbosa

    2002-01-01

    Full Text Available São de grande importância os cuidados no preparo do café desde a colheita até o consumo e o estudo de parâmetros que possam influenciar na classificação comercial do grão e na qualidade da bebida. Teve-se como objetivos analisar a influência da idade das plantas, pertencentes à mesma variedade, e dos estágios de maturação dos grãos (secos, cerejas e verdes no resultado da classificação comercial e na qualidade da bebida. Realizou-se a colheita, por derriça no pano, de uma área com café arábica variedade Catuaí de 12 anos e de outra de 3 anos. Constituiu-se, para cada idade das plantas, os seguintes lotes: 100% cereja, 60% cereja e 40% verde, 80% cereja e 20% verde, 60% cereja e 40% seco, 80% cereja e 20% seco, e composição obtida na colheita. Na classificação comercial, obedeceu-se as normas estabelecidas pela Tabela Oficial Brasileira de Classificação (tipo, peneira, aspecto, cor e seca. Na classificação da bebida, optou-se por utilizar consumidores como provadores, com o objetivo de analisar a aceitabilidade da bebida pelo mercado consumidor. Como resultados, obteve-se, na classificação por tamanho e determinação de peneira média que os lotes de 12 anos apresentaram-se, com peneira média 15, resultado inferior aos lotes de 3 anos, com peneira média 16. Na classificação comercial e na da bebida, os resultados foram melhores, em geral, para os lotes de 3 anos em diferentes misturas, sem influência dos diferentes estágios de maturação.

  7. Comportamento agronômico de bananeira 'Prata-anã' em função do tipo de muda

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Antonio Junqueira Teixeira

    2011-03-01

    Full Text Available Foi realizado um experimento de campo com bananeira 'Prata-anã', visando a avaliar o comportamento agronômico de plantas estabelecidas a partir de três tipos de mudas: convencional, micropropagadas em meio sólido e em meio líquido. A área experimental foi instalada no município de Cristais Paulista-SP (20º23'S; 47º30'W, cujo clima é caracterizado por verão chuvoso e inverno seco. Avaliaram-se o crescimento e a fenologia por meio de medidas periódicas de comprimento e diâmetro do pseudocaule das plantas até a emissão da inflorescência. A incidência de doenças (CMV e mal-do-panamá foi estimada visualmente em função da apresentação de sintomas característicos pelas plantas. As plantas originadas de mudas micropropagadas apresentaram crescimento e desenvolvimento iniciais mais vigorosos, maior precocidade e cachos mais leves do que aquelas estabelecidas com mudas convencionais. Não foram observadas diferenças significativas em relação à incidência de doenças e ao tamanho dos frutos produzidos, em função dos tipos de mudas.

  8. Correlação fenotípica entre caracteres de híbridos diploides (AA de bananeira Phenotypic correlation between characters in banana (AA diploid hybrids

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lauro Saraiva Lessa

    2012-12-01

    Full Text Available O estudo de correlação tem como propósito mensurar a alteração em um caráter quando se altera outro. Neste trabalho, objetivou-se estimar correlações fenotípicas entre o número de frutos por cacho e 22 caracteres avaliados em híbridos diploides (AA de bananeira. No experimento, conduzido na Embrapa Mandioca e Fruticultura, em blocos casualizados com quatro repetições, foram avaliados 11 híbridos diploides (AA de bananeira. Os caracteres avaliados foram: altura de plantas, diâmetro do pseudocaule, número de filhos, número de folhas na floração, período do plantio ao florescimento, presença de pólen, peso do cacho e da ráquis, sigatoka-amarela no florescimento, número de folhas na colheita, Sigatoka-amarela na colheita do cacho, número de dias do florescimento à colheita, comprimento e diâmetro do engaço, peso da segunda penca, número de pencas e de frutos por cacho, fragilidade do pedicelo, comprimento e diâmetro do fruto e comprimento do pedicelo, além de presença de semente. Após a tabulação, procederam-se a estudos de correlação entre o número de frutos e os demais caracteres da planta. Essas correlações variaram entre os genótipos, sendo assim, observado que as associações entre o número de frutos e os caracteres vegetativos da planta foram, de forma geral, não significativas. Já as relações entre o número de frutos por cacho e os outros caracteres produtivos foram, predominantemente, significativas.The objective of the present study was to estimate the phenotypic correlations between the number of fruits per bunch and 22 characters evaluated in banana (AA diploid hybrids. The experiment was carried out at Embrapa Cassava and Fruits in randomized blocks with four repetitions and 11 (AA banana diploid hybrids were evaluated. The following characteristics were evaluated: plant height, pseudostem diameter, number of suckers, number of leaves during flowering, plant cycle until emission of the

  9. Fertirrigação da bananeira cv. Prata-Anã com N e K em um argissolo vermelho-amarelo Fertigation of banana cv Prata Anã with N and K in an ultisol

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Valbério Paolilo dos Santos

    2009-06-01

    Full Text Available O Nordeste brasileiro é a principal região produtora de banana, responsável por cerca de 35,80% da produção nacional. Apesar das condições favoráveis ao seu cultivo, a produtividade tem sido muito abaixo do seu potencial. Geralmente, isso se deve a problemas de suprimento hídrico e nutricional. Dentre os nutrientes, o nitrogênio (N e o potássio (K são requeridos em maiores quantidades pela bananeira. Com o objetivo de estudar o efeito de quatro doses de N (0; 117; 235 e 352 kg ha-1 de N e de K (0; 157; 313 e 470 kg ha-1 de K2O, aplicados via fertirrigação, avaliaram-se características produtivas de um 2º ciclo de cultivo da banana cv. Prata-Anã, em um Argissolo Vermelho-Amarelo dos tabuleiros costeiros do Nordeste brasileiro. O N não influenciou na produção de banana, enquanto a resposta ao K foi linear. O nível crítico de K pelo Mehlich-1, na profundidade de 0,20- 0,40 m, foi 0,71 mmol c kg-1.The Brazilian Northeast is the main producing area, being responsible for about 35,80% of banana's national production. In spite of the favorable conditions to its cultivation, the average national yield has been a lot below its potential, due mainly to water and nutrients supply. Among all nutrients, nitrogen (N and potassium (K are the ones required in larger amounts by the banana. With the objective of studying the effect of four rates of N (0, 117, 235 and 352 kg ha-1 of N, and of four rates K (0, 157, 313 and 470 kg ha-1 of K2O applied by fertirrigation in the 2º cycle of cultivation of the cv. Prata Anã, data was collected in an factorial experiment in randomized blocks, in an Ultisol of the coastal tableland, of the northeast of Brazil. There was not response to N but a linear one was observed for K. Soil K by Mehlich-1 critical level at 0,20- 0,40 m was 0,71 mmol c kg-1.

  10. CARACTERIZAÇÃO PÓS-COLHEITA E SENSORIAL DE GENÓTIPOS DE BANANEIRAS TIPO PRATA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    ARIANE CASTRICINI

    2015-03-01

    Full Text Available RESUMO O norte de Minas Gerais é grande produtor de banana ‘Prata-Anã’ irrigada, cultura altamente suscetível ao Mal-do-Panamá. O uso de genótipos resistentes é uma alternativa, mas os frutos devem apresentar características pós-colheita o mais próximo possível da ‘Prata-Anã’, para melhor aceitação pelos consumidores. O objetivo do trabalho foi caracterizar frutos em pós-colheita, identificar a preferência e a intenção de compra de diferentes genótipos de bananeira tipo Prata. Os genótipos Prata-Anã, BRS Platina e Fhia-18. foram caracterizados no ponto de colheita (verdes e maduros (estádio seis de maturação, por avaliações químicas, físicas e sensoriais. Quando verde, ‘BRS Platina’ apresentou maior massa fresca e tamanho que ‘Fhia-18’ e ‘Prata-Anã’. ‘Fhia-18.’ teve a tonalidade verde da casca mais intensa que a dos demais genótipos. Madura, ‘BRS Platina’ foi mais firme, mas com a mesma resistência ao despencamento que ‘Fhia-18’ e superior à ‘Prata-Anã’. ‘Fhia-18’ apresentou cor da casca com amarelo mais clara e tão brilhante quanto da ‘Prata-Anã’, mas ‘BRS Platina’ teve a tonalidade de amarelo mais intensa. Bananas ‘Fhia-18’ foram mais ácidas, ‘BRS Platina’, com menor acidez titulável, e ‘Prata-Anã’, o maior teor de sólidos solúveis. Os genótipos Prata-Anã e BRS Platina tiveram maior preferência e intenção de compra pelos consumidores, sendo as bananas ‘Prata-Anã’ em dedos e ‘BRS Platina’ e ‘Fhia-18’ em dedos, buquê e penca, as mais preferidas. Entretanto, a maioria compraria bananas ‘Prata-Anã’ em buquê e ‘BRS Platina’ e ‘Fhia-18’ em penca. Enquanto verdes, os genótipos foram semelhantes à ‘Prata-Anã’, e maiores diferenças químicas e físicas ocorreram quando maduros.

  11. Produção de blends a partir de frutos tropicais e nativos da Amazônia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leandro Camargo Neves

    2011-03-01

    Full Text Available Neste trabalho, objetivou-se o enriquecimento nutricional de néctares de frutos, pelo processamento de blends, usando-se fruteiras tropicais e Amazônicas produzidas em Roraima. Foram utilizados néctares de abacaxi, buriti, caju, camu-camu, carambola, maracujá, murici, lima-ácida Tahiti e taperebá. Foi realizado um ensaio preliminar onde se constatou que os néctares de abacaxi e maracujá seriam utilizados como matrizes e, dos quais, saíram os tratamentos: 2 controles - 100% de abacaxi e 100% de maracujá; 1 blend entre as matrizes - 50% de abacaxi + 50% de maracujá; 7 blends de cada matriz com cada fruto escolhido, na proporção de 1:1. Foram adicionados benzoato de sódio e dióxido de enxofre, nas concentrações de 500 e 200 ppm, respectivamente, em todos os néctares e blends trabalhados. Os resultados referentes à composição nutricional dos blends refletiram aumento significativo nos valores nutricionais quando em comparação com as matrizes, bem como com os néctares individuais de cada fruto. O mesmo comportamento foi observado mesmo após 10 dias de armazenamento não refrigerado. Com relação à estabilidade microbiológica, apenas os blends que utilizaram o buriti como componente apresentaram comprometimento. As análises químicas dos blends demonstraram padrões distintos das matrizes; entretanto, quando submetidos à análise sensorial, mostraram-se satisfatórias por parte dos julgadores. As composições que mais agradaram os julgadores foram os blends de ambas as matrizes associadas ao camu-camu e murici.

  12. Efeito da adubação mineral, orgânica e calagem, na produção da bananeira em várzea litorânea de Caraguatatuba - Estado de São Paulo Fertilizer experiments with the banana plant

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João Fereira da Cunha

    1963-01-01

    Full Text Available São apresentados os resultados da adubação de bananeira com adubos químicos, orgânicos, sob a forma de tortas oleaginosas, e calagem, efetuada com carbonato de cálcio, em dois solos comumente usados para plantio de bananais no município do Caraguatatuba, litoral de São Paulo. Os delineamentos usados foram os de blocos ao acaso, com quatro repetições e oito tratamentos para os experimentos de adubos químicos e orgânicos, o quatro tratamentos, com o mesmo número de repetições, para os de calagem. Na adubação química, os elementos N, P e K foram estudados em três níveis, com várias combinações. Os ensaios com adubos químicos mostraram que apenas a adubação potássica teve influência acentuada sôbre a produção. A adubação azotada revelou pequeno efeito o fósforo não modificou a produção da bananeira nos solos estudados. As tortas oleaginosas proporcionaram grandes aumentos de produção, sobretudo, a de mamona, que trouxe produções cêrca de duas vêzes superior à de algodão. As aplicações de calcário, como corretivo, não produziram resultados significativos sôbre a produção da bananeira nos solos estudados, cujo pH variava entre 5,17 a 5,95.Fertilizer experiments were carried out to study the response of the banana plant to mineral and organic fertilizers, and to soil correctives. The experiments were conducted at Caraguatatuba on two types of the soils generally used for the banana crop in the coastal areas of São Paulo State. The experiments were designed in randomized blocks with four replications. Eight treatments, including mineral fertilizers and meals, were compared. In case of liming four treatments were applied. The resulta from the experiments indicated that potassium induced a strong response, especially in the area called Sítio Ribeirão. A response to nitrogen was noticed only at Sítio Velho, where small quantities of this element were necessary. No response to phosphorus and lime was

  13. Qualidade do fruto verde de coqueiro em função da irrigação com água salina

    OpenAIRE

    Ferreira Neto,Miguel; Gheyi,Hans R.; Holanda,José S. de; Medeiros,José F. de; Fernandes,Pedro D.

    2002-01-01

    Foram estudados, neste trabalho, os efeitos de quatro níveis de salinidade da água de irrigação (0,1, 5,0, 10,0 e 15,0 dS m-1) obtidos mediante adição de NaCl, na qualidade de frutos de coco (Cocos nucifera L.) cultivar Anão Verde do Jiqui, com 3,5 anos de idade e na salinização do solo. O ensaio foi conduzido em blocos inteiramente ao acaso, em solo de textura arenosa não salino, utilizando-se de sistema de irrigação por microaspersão, no município de Parnamirim, RN, durante o período de jan...

  14. PRODUTIVIDADE E QUALIDADE PÓS-COLHEITA EM FUNÇÃO DO RALEIO QUÍMICO DOS FRUTOS NO CULTIVO DA MACIEIRA CV. FUJI

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Maria Alves de Souza Ribeiro

    2017-03-01

    Full Text Available O objetivo do trabalho foi avaliar a influência do raleio químico dos frutos na produtividade e qualidade físico-química da macieira cultivar Fuji. O experimento foi implantado em 2011 e conduzido na Estação Experimental de Fruticultura de Clima Temperado (EFCT, pertencente à Embrapa Uva e Vinho, localizada no município de Vacaria, Rio Grande do Sul, na safra 2015/16. O delineamento utilizado foi o inteiramente casualizado, com 5 repetições, cujos tratamentos foram constituídos de diferentes porcentagens do ingrediente ativo do raleante químico tiossulfato de amônia (ATS: T1- Testemunha: sem aplicação do raleante químico tiossulfato de amônia (ATS, T2- Aplicação de 1,5 % de ATS, T3- Aplicação de 2,5 % de ATS, T4- Aplicação de 3,5 % de ATS. Com base nas avaliações realizadas conclui-se que o tiossulfato de amônia na concentração de 1,5% apresentou melhores resultados para produtividade e frutificação efetiva, não afetando a concentração de sólidos solúveis totais, a firmeza da polpa e a incidência de “russeting” dos frutos de macieira cv. Fuji.

  15. Efeito inibitório de extratos vegetais sobre Colletotrichum gloeosporioides - agente causal da podridão de frutos de mamoeiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ribeiro Luiz Fernando

    1999-01-01

    Full Text Available Extratos aquosos foram obtidos a partir de bulbilhos de alho, folhas de hortelã e mamona e frutos de pimenta. Após a incorporação destes extratos em BDA, obtendo-se concentrações de 100, 200, 500, 1000, 5000 e 10000 ppm, foi avaliado o crescimento e a produção de conídios de um isolado de Colletotrichum gloeosporioides, agente de podridão em frutos de mamoeiro. Os resultados demonstraram o efeito inibitório dos diferentes extratos a partir da concentração de 200 ppm. O extrato de alho inibiu o crescimento micelial, em porcentagens variáveis de 5,3 a 67,6%, porém não atuou de modo expressivo sobre a produção de conídios. Em contraposição, os extratos de hortelã, mamona e pimenta promoveram inibição menos acentuada do crescimento de micélio, porém reduziram drasticamente a produção de conídios em níveis variáveis de 41 a 84%, de acordo com as concentrações crescentes dos mesmos. As propriedades fungitóxicas detectadas nos extratos utilizados no ensaio evidenciaram o uso potencial dos mesmos como alternativa aos métodos físicos e químicos convencionalmente usados para o controle da doença.

  16. Ganhos de eficiência fertilizante em bananeira sob irrigação e fertirrigação

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Antonio Junqueira Teixeira

    2011-03-01

    Full Text Available O aumento da eficiência fertilizante tem sido cada vez mais almejado nas boas práticas de manejo da adubação de culturas, não somente buscando reduzir custos de produção, mas também reduzir possíveis impactos ambientais. Com o objetivo de avaliar a eficiência dos fertilizantes nitrogenados e potássicos no cultivo da bananeira, foram realizados dois experimentos de campo com a cultivar 'Nanicão' (Musa AAA, subgrupo Cavendish, no Planalto do Estado de São Paulo, durante quatro ciclos de produção. Esta região caracteriza-se por estação chuvosa no verão e seca no inverno. No primeiro experimento, avaliou-se a eficiência da aplicação das doses de N: 0; 200; 400 e 800 kg ha-1 e de K: 0; 300; 600 e 900 kg ha-1 de K2O, em sistema de cultivo irrigado, comparado ao de sequeiro. No segundo experimento, estudou-se a eficiência da adubação com N e K aplicada por fertirrigação e de modo convencional via solo. Nos dois experimentos, a irrigação e a fertirrigação foram feitas por microaspersão, empregando-se como fontes de N e de K nitrato de amônio e cloreto de potássio, respectivamente. A eficiência dos fertilizantes foi estimada pela relação entre a massa dos frutos produzidos por unidade de nutriente aplicado. Para a média das doses empregadas e dos ciclos de produção, observou-se que a irrigação incrementou a eficiência da adubação em relação ao sequeiro, em aproximadamente 36 % e 32 %, respectivamente, para nitrogênio e potássio. A aplicação de nitrogênio e potássio via fertirrigação promoveu aumento de 36 % na eficiência fertilizante em relação à adubação sólida convencional, via solo. Incrementos na eficiência dos fertilizantes decorrentes da irrigação e da fertirrigação possibilitaram diminuir os gastos com o uso destes insumos.

  17. Morfologia do fruto, da semente e morfo-anatomia da plântula de Vitex megapotamica (Spreng. Moldenke (Lamiaceae Fruit and seed morphology and morpho-anatomy of seedlings of Vitex megapotamica (Spreng. Moldenke (Lamiaceae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nelson Luiz Cosmo

    2009-06-01

    Full Text Available Vitex megapotamica (tarumã é espécie arbórea, decídua, com ocorrência, no Brasil, desde Minas Gerais até o Rio Grande do Sul. Visando à caracterização morfológica do fruto, da semente e morfo-anatômica da plântula, frutos desta espécie foram coletados e as sementes postas para germinar em laboratório. As plântulas foram coletadas desde a protrusão da raiz até o desenvolvimento do primeiro par de eofilo. Foram realizadas medições e pesagem de frutos, e contagem do número de sementes por frutos. As características morfológicas do fruto e da semente são aqui descritas e ilustradas, assim como a morfo-anatomia da plântula. O fruto é drupóide, nuculânio, tetralocular, contendo apenas uma ou duas sementes com fina camada de endosperma e embrião axial, foliáceo. O diásporo (pirênio é constituído pelo endocarpo mais a semente. O endocarpo lenhoso parece exercer restrição sobre a germinação das sementes desta espécie. A plântula é epigea, fanerocotiledonar, com paracotilédones elípticos, com margem inteira, e eofilos opostos, simples, elípticos, com margem serreada, apresentando tricomas tectores. Tanto o paracotilédone quanto o eofilo apresentam mesofilo heterogêneo, dorsiventral, feixe colateral em forma de arco e estômatos anomocíticos. A raiz é poliarca, com córtex parênquimático; o hipocótilo possui tricomas glandulares e não-glandulares, colo distinto, e com cerca de 20 dias encontra-se em início de crescimento secundário. Diversas das características da plântula de Vitex megapotamica estão relacionadas à sua condição de espécie heliófila.Vitex Megapotamica (tarumã is a deciduous tree occurring in Brazil from Minas Gerais to Rio Grande do Sul States. In order to characterize fruit and seed morphology and morpho-anatomy of seedlings, fruits of this species were collected and seeds were germinated in the laboratory. Seedlings were collected from root protrusion to development of the

  18. Desempenho de genótipos de bananeira na região de Jataí-GO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Silvia Correa Santos

    2012-09-01

    Full Text Available Este trabalho teve como objetivo avaliar o desenvolvimento e a produção de seis genótipos de bananeira nas condições bioclimáticas do Sudoeste Goiano. O experimento foi conduzido em área experimental na Fazenda Aroeira localizada no Município de Jataí-GO, microrregião do sudoeste Goiano. Em dois ciclos de produção, foram avaliados os genótipos 'Caipira' (AAA, 'Thap Maeo' (AAB, 'FHIA-01' (AAAB, 'FHIA-21' (AAAB, 'FHIA-18' (AAAB, descritos pela Embrapa como resistentes à Sigatoka, e a 'Terra' (AAB - subgrupo Terra, cultivada tradicionalmente pelos produtores da região. O experimento foi montado num delineamento experimental em blocos casualizados, com seis tratamentos (genótipos e seis repetições, em condições de sequeiro com espaçamento de 3 x 2 m. A caracterização do desenvolvimento e do rendimento dos genótipos foi realizada com as seguintes avaliações: NDPC - número de dias do plantio à colheita; MC - massa do cacho (kg; NP - número de pencas; CE - comprimento do engaço (cm; Ø - diâmetro do engaço (mm; ME - massa do engaço (kg; Ø2ªP - diâmetro do fruto da segunda penca (mm; C2ªP - comprimento do fruto da segunda penca (mm; M2ªP - massa da segunda penca (kg; N2ªP - número de frutos da segunda penca; ØPSFL - diâmetro do pseudocaule na floração (cm, NFC - número de folhas na colheita, e APF - altura da planta na floração. Observou-se um regime hídrico bem definido, com uma estação chuvosa de outubro a março e um período seco de abril a setembro. Considerando que diferentes ambientes influenciam no desempenho dos genótipos de banana e na manifestação dos caracteres, o bom desenvolvimento desses genótipos indica a adaptação às condições climáticas da região. De acordo com os dados de produção do segundo ciclo, os genótipos 'FHIA-18', 'FHIA-01' e 'FHIA-21' apresentaram características agronômicas favoráveis e podem ser indicados como alternativas de cultivo aos produtores da regi

  19. Efeito da aplicação do cloreto de cálcio nos frutos da manga 'Tommy Atkins' tratados hidrotermicamente Effect of calcium chloride application on mango fruit cv. Tommy Atkins hydrothermally treated

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Murillo Freire Júnior

    1999-05-01

    Full Text Available O objetivo do trabalho foi estudar os efeitos da aplicação de cloreto de cálcio, associado ao tratamento hidrotérmico em frutos de manga (Mangifera indica L.. Verificou-se que a associação do tratamento hidrotérmico à aplicação de cloreto de cálcio é viável, e que existe uma correlação positiva entre o Ca aplicado e a quantidade deste elemento na casca, porém com pouca penetração para a polpa do fruto, o que demonstra que o Ca age positivamente na diminuição dos sintomas da antracnose. Pelo contraste apresentado na aparência externa dos frutos, a aplicação de cloreto de cálcio a 4% mostrou melhores resultados, porém sem garantir a qualidade final exigida para a exportação dos frutos. A aplicação de cloreto de cálcio não se mostrou efetiva no aumento do período de conservação dos frutos.The aim of this work was to study the effects of the application of calcium chloride associated with hydrothermal treatment on post-harvest preservation of mango fruit (Mangifera indica L.. The Ca absorption by mango peel and flesh was investigated using the same conditions usually employed for the fruit exportation to the american market. It was verified that the association of heat treatment to Ca application was viable. There was a positive correlation between the amount of Ca applied and the amount of this element presented in the peel, although low penetration toward the flesh was observed. It was demonstrated that Ca reduces anthracnose symptoms. It was also verified, by observing the external appearance of the fruits, that the best results were obtained when 4% of calcium chloride was used, although such concentration did not guarantee the required quality for the fruit exportation. The calcium chloride application was not effective to increase the shelf-life of the fruits.

  20. Crescimento de bananeiras sob diferentes níveis de salinidade da água de irrigação Growth in banana cultivars under different salinity levels of irrigation water

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gilcimar Alves do Carmo

    2003-12-01

    Full Text Available Avaliaram-se os efeitos do uso de diferentes níveis de salinidade da água de irrigação (S1 = 0,55 dS/m, S2 = 1,70 dS/m, S3 = 2,85 dS/m e S1 = 4,00 dS/m no crescimento vegetativo de bananeiras Pacovan (AAB e Marmelo (ABB, utilizando-se um solo Argissolo Crômico, textura franco-argilo-arenosa e adotando-se um delineamento experimental em blocos completos casualizados, com parcelas subdivididas e quatro repetições. As parcelas experimentais foram compostas de uma fileira com 10 plantas, sendo cinco de cada cultivar, com as três plantas centrais de cada sub-parcela consideradas úteis. As irrigações foram feitas diariamente ou a cada dois dias de modo a proporcionar uma fração de lixiviação ao redor de 0,15%, colocando-se volumes aproximados de água para manter o solo próximo à capacidade de campo. Os resultados obtidos aos 110, 160, 220, 300 e 360 dias após o plantio mostraram que o incremento nos níveis de salinidade diminuiu significativamente a altura da planta, o número de folhas e a área foliar com o aumento do nível de salinidade da água até no máximo 240 dias do desenvolvimento, havendo uma equiparação depois do período chuvoso.The effects of different salinity levels of irrigation water (S1 = 0.55 dS/m, S2 = 1.70 dS/m, S3 = 2.85 dS/m e S4 = 4.00 dS/m on vegetative growth in bananas Pacovan (AAB and Marmelo (ABB were evaluated. The experiment was carried out on a sandy clay loam Chromic Argisol in a split-plot scheme arranged in a randomized block design with four replications. The whole plots were composed of a row with 10-plants, five plants of each cultivar (subplot, and the data were collected from the three central ones. The irrigations were applied either dayly or every each two-days period in order to maintain a lixiviation fraction of 0.15, using approximate water sheets to keep the soil at field capacity. The data obtained at 110, 160, 220, 300, and 360 days after planting indicated that the water

  1. Interferência da redução no volume de aplicação sobre o controle da mancha preta (Guignardia citricarpa Kiely em frutos de laranja 'Valência'

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Demétrius de Araújo

    2013-09-01

    Full Text Available O controle químico do agente causal da mancha-preta-dos-citros (MPC tem merecido destaque pelo excessivo número de pulverizações, elevando sobremaneira os custos de produção na citricultura. A busca por melhorias na eficiência das pulverizações e reduções na quantidade dos produtos fitossanitários já tem sido realizada, mas os resultados dessa prática ainda não são consistentes para que possa ser aplicado em escala comercial. Sendo assim, essa pesquisa objetivou avaliar a interferência da redução no volume de aplicação, sobre o controle químico da mancha preta em frutos cítricos. O experimento foi conduzido em pomar comercial com plantas de 16 anos de idade, da variedade Valência durante o ano agrícola 2007. Os tratamentos consistiram de três volumes de calda, 3,5; 4,5 e 8,5 L planta-1, aplicados por pulverizador de jato transportado Arbus 2000/Export, com ramal especial de bicos, utilizando-se fungicidas e períodos recomendados para o controle da doença em um total de quatro pulverizações e mais um tratamento testemunha (sem pulverização. As avaliações de incidência e severidade da doença ocorreram através de escala visual diagramática de notas em duas épocas (pré-colheita e colheita, em três alturas (baixo, médio e alto da planta e mais três setores horizontais (entrada, frontal e saída em dois lados da planta. Os frutos caídos foram contados quinzenalmente, em plantas previamente selecionadas, do início da maturação até a colheita com a quantificação da produção (kg planta-1. A incidência e severidade da doença foram menores quando as pulverizações foram realizadas com 8,5 L planta-1 na primeira época de avaliação (pré-colheita, porém na colheita, não houve diferenças entre os mesmos parâmetros, quando pulverizados 4,5 ou 8,5 L planta-1. Nenhum tratamento reduziu a doença no setor alto da planta, em comparação a testemunha. Os setores da planta com os frutos mais expostos aos

  2. Crescimento e teores de clorofila em mudas de bananeira em função da supressão do pseudocaule, de doses de nitrogênio e de boro Growth and chlorophyll content of banana suckers in function of pseudostem suppression and doses of nitrogen and boron

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Walter Esfrain Pereira

    2010-12-01

    Full Text Available O objetivo deste experimento foi avaliar a influência da eliminação da gema apical do rizoma e de doses de nitrogênio e boro, sobre a produção e o crescimento de mudas de bananeira. O experimento foi realizado no Centro de Formação de Tecnólogos da UFPB. O delineamento foi em blocos casualizados, com quatro blocos e nove plantas matrizes por parcela, sendo duas plantas úteis. Os fatores avaliados foram doses de N (0 a 240 g/planta e de B (0 a 2,2 g/planta combinados com a matriz experimental Composto Central de Box, originando nove combinações, arranjados fatorialmente com e sem eliminação da gema apical da planta matriz. Os dados foram submetidos à análise de variância e de regressão. A supressão do pseudocaule da planta principal, com a eliminação da gema apical do rizoma aumentou o número de perfilhos, com maior crescimento, exceto do diâmetro do rizoma, o qual diminuiu. Os teores foliares de clorofila total e de B também foram diminuídos, nos perfilhos das bananeiras amputadas. Para a produção de mudas da bananeira ‘Pacovan’, recomenda-se a supressão do pseudocaule da planta principal, com eliminação da gema apical do rizoma e aplicação do N.The objective of this research was to evaluate the influence of the removal in the pseudostem with elimination of the meristem apical of the rhizome and doses of nitrogen and boron, about the production and growth of banana suckers. The experiment was carried out at Centro de Formação de Tecnólogos - UFPB, State of Paraíba. The experimental design was in randomized blocks, with four replications and nine mother plants for experimental unit, being two useful plants. The evaluated valued factors were doses of N (0 to 240 g plant-1 and of B (0 to 240 g plant-1 combined in agreement with the experimental matrix ‘Central Composite’, originating nine combinations, which were arranged factorially with suppression and without suppression of the pseudostem of the mother

  3. TEORES DE ÁCIDOS GRACOS E COMPOSIÇÃO CENTESIMAL DO FRUTO E DA FARINHA DA BOCAIÚVA (Acrocomia mokayáyba Barb. Rodr.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    PRISCILA AIKO HIANE

    2009-07-01

    Full Text Available

    RESUMO: Foram analisados o perfil dos ácidos graxos e a composição centesimal das polpas dos frutos e da farinha de bocaiúva (Acrocomia mokayáyba Barb. Rodr. provenientes do Estado de mato Grosso do Sul. A polpa do fruto apresentou 16% de fração lipídica, composta de 73% de ácido oléico e 16% de ácido palmítico como ácidos graxos predominantes; enquanto a farinha da bocaiúva apresentou, em sua fração lipídica, uma diminuição nos teores dos ácidos graxos insaturados. PALAVRAS – CHAVE: Bocaiúva; Acrocomia mokayáyba Barb. Rodr.; ácidos graxos.

  4. Efeito da carga de frutos e concentrações salinas no crescimento do meloeiro Cultivado em substrato Effect of fruit load and saline concentrations on the growth of melon cultivated under protected environment

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tatiana da S Duarte

    2008-09-01

    Full Text Available O objetivo foi avaliar o efeito do número de frutos por planta e de concentrações salinas em solução nutritiva recirculante, no crescimento do meloeiro cultivado em ambiente protegido e em substrato de casca de arroz crua, durante os meses de fevereiro a maio de 2003. Três números de frutos por planta (2, 3 e 4 e três concentrações salinas da solução nutritiva (1,9; 2,3 e 2,9 dS m-1 foram estudados. A partir dos dados da matéria seca (MS e fresca (MF e da área foliar, acumuladas aos 62 dias após o transplante, foi determinada a produção e a distribuição de biomassa entre as diferentes partes da planta. Os frutos compreenderam de 49 a 55% da MS aérea total produzida pela planta, demonstrando que estes são os órgãos drenos de assimilados mais potentes. O aumento do número de frutos reduziu o peso médio dos frutos, sem afetar a produção e a distribuição de MS total, vegetativa e generativa. Entretanto, aumentou levemente a produção de MF dos frutos e da parte aérea como um todo, favorecendo a distribuição de MF para os frutos. Portanto, o acúmulo de água nos frutos ocorreu em uma proporção diferente do acúmulo da MS. A menor concentração salina da solução nutritiva testada pode ser indicada para o cultivo do meloeiro em substrato de casca de arroz crua durante o outono, pois promove um crescimento da planta similar ao observado nas concentrações mais altas.The effect of fruit load and of saline concentrations in nutrient solution recirculating, was evaluated on the growth of melon plants cultivated under protected cultivation and in raw rice husk, during the months February to May of 2003. Three numbers of fruits/plant (2, 3 and 4 and three saline concentrations of the nutrient solution (1,9; 2,3 and 2,9 dS m-1 were studied. From the data of dry and fresh matter (DM and FM, and of the leaf area accumulated at 62 days after setting, the biomass production and distribution among the different plant parts

  5. Efeito da adubação orgânica na produção e qualidade de frutos de maracujazeiro amarelo (Passiflora edulis, Sims f. flavicarpa Degener)

    OpenAIRE

    Pagliarini, Mateus Francisco

    2005-01-01

    A pesquisa teve o objetivo de avaliar os efeitos da adubação orgânica sobre a produção, qualidade, conservação pós-colheita e aceitabilidade de frutos do maracujazeiro amarelo (Passiflora edulis, Sims f. flavicarpa Degener). O experimento foi estabelecido em março de 2004, num latossolo vermelho amarelo da Fazenda Experimental da Sementeira UFV, situada em Visconde do Rio Branco, MG. O delineamento experimental foi inteiramente ao acaso com 4 repetições. Os tratamentos foram formados por tr...

  6. Distribuição do sistema radicular da bananeira 'Prata-Anã' em duas freqüências de fertirrigação com uréia Distribution of the 'Prata Anã' root system in two urea fertirrigation frequencies

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Lúcia Borges

    2008-03-01

    Full Text Available O conhecimento da distribuição das raízes da bananeira subsidia informações para orientar a melhor localização de água e fertilizantes, resultando em incremento da produtividade do pomar. Em Latossolo Amarelo distrófico argissólico, em sistema de fileiras duplas (4 x 2 x 2 m, avaliou-se a distribuição do sistema radicular da bananeira 'Prata-Anã', antes da colheita do 2º ciclo, em duas freqüências de fertirrigação com uréia (400 kg de N/ha/ano, a cada 3 dias (F1 e a cada 15 dias (F2. As raízes foram coletadas em diferentes profundidades e distâncias, utilizando tubo metálico, sendo separadas do solo e quantificadas pelo programa GS Root. A maior freqüência de aplicação de N e de água (3 dias favoreceu a densidade de raízes, em comparação com a menor freqüência (15 dias. A maior concentração de raízes ocorreu nas camadas superficiais, até 0,30 m, e entre a planta e o microaspersor. Predominaram raízes de diâmetro entre 0,2 e >1,5 mm, tanto nas camadas superficiais (0 a 0,20 m de profundidade quanto entre a planta e o microaspersor.The knowledge of the distribution of roots in bananas generates information that guide the location of water and fertilizers, resulting an increase in crop yield in banana plantations. The 'Prata Anã' banana root distribution system, in loam clay sandy Yellow Latosol, before harvest of the second cycle, was evaluated in two urea fertirrigation frequencies (400 kg of N/ha/year every 3 days (F1 and 15 days (F2. Root samples were collected in different distances and depths with a metallic tube, separated from the soil and quantified using the GSRoot software. Higher urea fertirrigation frequency (3 days favored root density, in relation to the 15 days frequency. The amount of roots in the superficial layers (up to 0.30 m was greater, decreasing with the depth, as well as for the plant in the direction of the micro sprinkler, and less in the opposite direction. Roots of diameter

  7. AVALIAÇÃO DA ATIVIDADE ANTIINFLAMATÓRIA DA FRAÇÃO ALCALOÍDICA DO FRUTO DE Solanum lycocarpum A.St.-Hil. (LOBEIRA)

    OpenAIRE

    VIEIRA JÚNIOR, Geraldo

    2004-01-01

    Solanum lycocarpum A. St.-Hil., popularmente conhecida como lobeira, é facilmente encontrada no cerrado. Caracteriza-se como uma planta arbustiva com até cinco metros de altura, ramos frágeis, apresentando fruto tipo baga globosa, de oito a quinze centímetros de diâmetro, cor verde-amarelada mesmo quando maduro, polpa carnosa e suculenta. A lobeira é usada na medicina popular para diversos fins terapêuticos, como por exemplo, bronquite, verminose, diabete e úlcera. Estudo co...

  8. Relación entre la colonización de la encina por Curculio elephas Gyllenhal (Coleoptera, Curculionidae) y el periodo de caída natural de frutos

    OpenAIRE

    Soria Iglesias, Francisco Javier; Jiménez, A.; Villagrán Pinteño, Miguel; Ocete Rubio, María Elvira

    2005-01-01

    En un encinar del SW de España se ha realizado el seguimiento de una población del gorgojo Curculio elephas Gyll. (Coleóptera, Curculionidae) durante 2001 y 2002. La finalidad del trabajo fue valorar y relacionar la incidencia de la infestación del insecto con el proceso de maduración y caída natural de frutos de la encina. Durante ...

  9. Avaliação de genótipos de bananeira em diferentes ambientes Evaluation of banana genotypes in different environments

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sebastião de Oliveira e Silva

    2003-08-01

    Full Text Available Híbridos de bananeira mais produtivos, resistentes a pragas e com frutos de qualidade, gerados ou introduzidos na Embrapa-Centro Nacional de Pesquisa de Mandioca e Fruticultura Tropical, estão sendo avaliados em vários ambientes. Objetivou-se com este trabalho avaliar o comportamento dos híbridos tetraplóides (AAAB Pioneira, PV03-44, FHIA-01, SH3640 e FHIA-18 e das cultivares Nam (AAA, Caipira (AAA, Grande Naine (AAA e Prata Anã (AAB, em Guanambi - BA, Cruz das Almas - BA, Viçosa - MG, Lavras - MG e Jaíba - MG, durante dois ciclos. Os caracteres analisados foram altura da planta, peso do cacho, número de frutos por cacho, comprimento do fruto e número de dias do plantio à colheita, utilizando-se a média de 25 plantas por parcela e o desvio-padrão como variáveis. Considerando-se os cinco ambientes e os dois ciclos, a ‘Grande Naine' teve o menor porte (218,7 cm, apresentando, com o SH3640, o maior comprimento do fruto (20,3 e 18,8 cm, respectivamente e o maior peso do cacho (24,1 e 21,8 kg e, com a ‘Caipira', o maior número de frutos (respectivamente 142,2 e 146,1. Os híbridos da ‘Prata Anã' introduzidos de Honduras - FHIA-01, FHIA-18 e SH3640 - superaram a genitora no peso do cacho e no comprimento do fruto nos cinco ambientes e nos dois ciclos, ao passo que a ‘Pioneira' foi o genótipo mais precoce. Enquanto Lavras - MG teve os menores valores do desvio-padrão, Jaíba - MG apresentou as mais favoráveis características edafoclimáticas à cultura, proporcionando aos genótipos precocidade e maior produtividade.Superior banana hybrids, resistant to diseases and with good fruits, generated or introduced in Embrapa-National Center of Cassava and Tropical Fruits Research, have been evaluated in different environments. The work was carried out to evaluate the behavior of tetraploid hybrids (AAAB Pioneira, PV03-44, FHIA-01, SH3640 and FHIA-18 and varieties Nam (AAA, Caipira (AAA, Grande Naine (AAA and Prata Anã (AAB, in

  10. Colhendo os frutos : dificuldades e conquistas da modalidade do PAA compra-institucional em uma Universidade Pública

    OpenAIRE

    Paula, Natália Ferreira de

    2016-01-01

    Orientadora : Profª. Drª. Islandia Bezerra Coorientadora : Profª Dra. Mônica de Caldas Rosa dos Anjos Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Alimentação e Nutrição. Defesa: Curitiba, 27/07/2016 Inclui referências : f. 72-79;81-89 Resumo: O Programa de Aquisição de Alimentos da Agricultura Familiar (PAA) foi criado no Brasil em 2003, a partir de proposições da sociedade civil e adotado como uma estratégia de...

  11. Avaliação agronômica em híbridos diplóides (AA de bananeira Agronomical evaluation of (AA banana diploid hybrids

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lauro Saraiva Lessa

    2009-01-01

    Full Text Available Objetivou-se avaliar características agronômicas em híbridos diplóides (AA de bananeira. No experimento, conduzido no campo experimental da Embrapa Mandioca e Fruticultura Tropical, em blocos casualizados com quatro repetições, foram avaliados 11 híbridos diplóides (AA de bananeira (4279-06, TH03-01, 8987-01, 0323-03, 1318-01, 0116-01, 8694-20, 1304-06, 9179-03, 4223-06 e SH3263. Os dados dos caracteres agronômicos avaliados foram submetidos à análise de variância e as médias dos genótipos foram agrupadas pelo teste de Scott-Knott, a 5% de probabilidade. O genótipo SH3263 apresentou valores favoráveis ao melhoramento para número de pencas e de frutos por cacho e baixa incidência de Sigatoka-amarela na floração, além de menor número de dias da floração à colheita, maior peso da segunda penca e comprimento de fruto acima de 10 cm. O híbrido 0323-03 apresentou a maior retenção de folhas vivas na colheita do cacho e, também, a menor nota para incidência de sigatoka-amarela na colheita. A alta variabilidade encontrada com a avaliação dos híbridos permite a seleção de diplóides (AA com potencial para utilização em programas de melhoramento da cultura.The aim of the present work was to characterize horticultural characteristics in (AA banana diploid hybrids. The experiment was carried out at the experimental field of Embrapa Cassava and Tropical Fruits in randomized blocks with four replicates and 11 (AA banana diploid hybrids were evaluated: (4279-06, TH03-01, 8987-01, 0323-03, 1318-01, 0116-01, 8694-20, 1304-06, 9179-03, 4223-06 and SH3263. Data of the agronomical characteristics evaluated were submitted to the analysis of variance and the averages of the genotypes grouped by the Scott-Knott test at 5% of probability. The SH3263 genotype presented favorable values to the breeding for number of hands per bunch, number of fruits per bunch, low yellow-sigatoka incidence during flowering and also lower number of days

  12. Posibles factores que producen la caída de fruto de Myrciaria dubia (HBK) Mc Vaugh, "camu camu" durante la fenología reproductiva de la colección "cinco cuencas" en el centro experimental San Miguel - IIAP, Loreto, Perú

    OpenAIRE

    Sonia Farro; Mario Pinedo

    2010-01-01

    Se evaluaron plantas de “camu camu” en cinco cuencas de Loreto (Perú), según el porcentaje de frutos con síntomas de infestación por plagas, la retención de flores y frutos en cada una de las cuencas y diámetros de ramas, y la influencia de la precipitación y temperatura en el proceso de caída de frutos según el estado fenológico. En el factor genético, la cuenca del río Putumayo destacó por presentar mayor retención de frutos, mayor rendimiento y peso promedio de frutos, así como menor ataqu...

  13. Repetibilidade da produção, número e peso de frutos de seleções de pitanga roxa Repeatability of the production, number and weight of fruits of selections purple surinam cherry

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Severino de Lira Júnior

    2010-01-01

    Full Text Available Este trabalho teve como objetivos avaliar a produção, número de frutos e peso do fruto de seleções de pitanga roxa (Eugenia uniflora L. estimar por diferentes métodos seus coefificientes de repetibilidade e o número mínimo de avaliações necessárias para selecioná-las com maior confiabilidade, sob as condições edafoclimáticas da Zona da Mata Norte de Pernambuco. O método de componentes principais mostra-se eficiente para estimar coeficientes de repetibilidade da produção, número de frutos e peso da pitanga. A cultivar Tropicana (fruto vermelho apresenta a maior produção média anual, quando comparada com as pitangas de coloração roxa. Entre as cinco seleções de pitanga roxa, a IPA-15.1 apresenta a maior produção média anual. Para peso do fruto, o melhor resultado foi obtido pela seleção IPA-41.1. Os coeficientes estimados para produção número de frutos e peso da pitanga indicam que a variância ambiental pouco influencia essas características fenotípicas de uma safra para outra. Para produção, número de frutos e peso do fruto são necessárias 2, 2 e 5 safras, respectivamente, para selecionar genótipos superiores de pitanga com 90% de confiabilidade dos resultados.This study aimed to evaluate the production, number of fruits and weight of the fruit of selections of pitanga purple, different methods for estimating their coefficients of repeatability and the minimum number of evaluations required to select them with greater reliability, under edaphoclimatic conditions of the Forest Zone of North Pernambuco State, Brazil. The method of principal components was more efficient to estimate the repeatability coefficients of production, number of fruits and weight of surinam cherry fruit. The ‘Tropicana’ cultivar (red fruit presents the highest average annual production when compared with the surinam cherry staining purple. Among the five purple surinam cherry of selections, the IPA-15.1 presents the highest

  14. Estimating peach palm fruit surface area using allometric relationships Estimativa da área superficial de frutos de pupunheira por relações alométricas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marilene Leão Alves Bovi

    2002-12-01

    rea superficial de frutos de pupunheira (Bactris gasipaes Kunth. Foram colhidos cinco frutos por planta, em diferentes estádios de maturação, de 18 plantas matrizes. A metodologia baseada em digitalização e edição de imagens foi adequada ao presente estudo e comparada com o método gravimétrico. Com base em análise de regressão e ajuste de curvas, os dois métodos foram comparados, determinando-se ainda relações alométricas entre área superficial e peso e dimensões do fruto. O método de digitalização de imagens mostrou-se duas vezes mais rápido que o gravimétrico, obtendo-se bom ajuste para todos os pares testados. Para a maioria das relações estabelecidas o modelo de melhor ajuste foi a potência da variável independente (Y = ax b. No entanto, pela simplicidade, recomenda-se também o modelo linear. Para a variável (x obtida pela multiplicação do comprimento e largura máxima do fruto, as equações que permitiram estimar a área superficial (Y foram: Y = 2,077 x 1,189 (R² = 94,8%; e Y = - 6,261 + 3,961 x (R² = 94,5%. As características necessárias para a estimativa são de fácil mensuração e apresentam caráter não destrutivo. Essas equações requerem validação quando usadas em outras populações ou raças.

  15. Caracterização de antocianinas em frutos de genótipos de aceroleiras (Malpighia emarginata D.C.) cultivadas no Banco Ativo de Germoplasma da Universidade Federal Rural de Pernambuco

    OpenAIRE

    LIMA, Vera Lúcia Arroxelas Galvão de

    2005-01-01

    Considerando que a cor vermelha da acerola decorre da presença de antocianinas, objetivou-se caracterizá-las em frutos maduros provenientes de 12 genótipos. O teor de antocianinas e características cromáticas foram determinados pelo método pH diferencial e sistema CIELAB (L*a*b*), respectivamente, e os resultados submetidos à correlação de Pearson. Pigmentos hidrolisados, separados por cromatografia líquida de alta eficiência, foram identificados tendo como base os padrões de r...

  16. ESTUDO DA CORRELAÇÃO DOS TEORES DE P, K, Al, Ca e Mg NO SOLO, COM A ALTURA DE BANANEIRAS DO CULTIVAR “MARMELO”, NA EMISSÃO DO CACHO P, K, Al, Ca, AND Mg SOIL CORRELATION STUDY WITH BANANA PLANT HEIGHT CULTIVAR "MARMELO" IN THE BUNCH EMISSION

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Manoel Passos de Castro

    2007-09-01

    Full Text Available

    A bananeira do cultivar “Marmelo” vem, a cada dia, sendo a melhor opção para os bananicultores, que fornecem frutas às fábricas de doces. Com o aumento dos plantios deste cultivar, necessitou-se de dados concretos, na indicação de glebas, para a formação de bananais, tomando como base a análise do solo. Para isto tomaram-se 40 amostras, constituídas cada uma de 12 sub-amostras, ao redor de 40 touceiras de bananas. Estas touceiras foram escolhidas ao acaso, em um bananal de 2,5 ha, plantado no espaçamento de 3m x 3m, com idade de três anos. Para cada amostra analisaram-se os teores de P, K, Ca + Mg e Al, sendo estes correlacionados com a altura da bananeira correspondente, na emissão da inflorescência. Com base nas análises estatísticas concluiu-se que: a. Em caso de não se indicar adubação, o plantio só deve ser efetuado em solos com mais de 50 ppm. de K; b. A indicação de adubos fosfatados deverá ser feita apenas quando o teor de P no solo for menor que 1 ppm; c. O teor de Ca + Mg do solo deverá ser elevado para 2 (dois mE/100 ml, utilizando-se calcário dolomítico; d. O alumínio tóxico do solo deve ser totalmente neutralizado.

    For commercial banana production, flat fersain is preferable because farm implements and heavy machinery can move early in the fields, but in Goiás, flat land is generally of very low fertility. This study was undertaken to determine the growth of the “Marmelo” banana in this kind of poor soil, using correlations between analyses of soils and the heights of pseudo stems at flowering, and to suggest viable fertilization for its successful growth.

  17. Resposta da aplicação do 1-MCP em frutos de mamoeiro 'Golden' em diferentes estádios de maturação Responses of 1-MCP applications in 'Golden' papaya fruits on differents maturation stages

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maximiliano Silva de Souza

    2009-09-01

    Full Text Available O estudo de fatores que influenciam no processo de amadurecimento é fundamental para o planejamento do processo de comercialização, principalmente em frutos com padrão de respiração climatérico e perecível, como é o caso do mamão. Nesse trabalho, avaliou-se o efeito da aplicação do 1-MCP (1-metilciclopropeno sobre o amadurecimento de frutos de mamoeiro nos estádios 0; 1 e 2 de maturação. O 1-MCP diminui a produção de etileno (≈79% e a taxa respiratória (≈45%, principalmente em frutos no estádio 0 de maturação. O uso deste inibidor da ação do etileno retardou a perda de coloração verde da casca dos frutos, principalmente em frutos nos estádios 0 e 1 de maturação. Houve redução na perda de firmeza do fruto e do mesocarpo nos estádios 1 e 2. Entretanto, em frutos no estádio 0 de maturação, a firmeza do mesocarpo manteve-se alta, o que pode comprometer a aceitação destes frutos pelo consumidor. O teor de sólidos solúveis não foi influenciado pela aplicação do 1-MCP. O efeito do 1-MCP na redução da atividade das enzimas PME e PG foi maior em frutos nos estádios 0 e 1 de maturação em comparação a frutos no estádio 2 de maturação. A atividade da PME demonstrou crescente aumento ao longo do período de armazenamento, porém a atividade da PG permaneceu baixa ao longo dos cinco primeiros dias, com aumento posterior. Os resultados mostraram que a PME exerce influência significativa na perda de firmeza da polpa nos primeiros dias, com atuação posterior da PG. O 1-MCP mostrou-se eficiente em retardar o processo de amadurecimento de frutos de mamoeiro, tornando-se mais eficiente quando associado a estádios de maturação iniciais.The study of factors that influence the process of ripening is critical for planning the marketing process, mainly in standard breathing climacteric and perishing fruits, as it is the case of papaya. In this work it was evaluated the effect of the application of 1-MCP (1

  18. Variação das dimensões características e da forma dos frutos de café durante o processo de secagem Variation of characteristic dimensions and forms of coffee fruits during drying process

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo C. Corrêa

    2002-12-01

    Full Text Available O presente trabalho teve como objetivo avaliar o efeito da variação do teor de umidade nas dimensões e propriedades físicas-esfericidade e circularidade do fruto do café das espécies arabica e canephora, de diferentes variedades. Os resultados obtidos permitiram afirmar que a redução do teor de umidade afeta de forma acentuada as características físicas do fruto do cafeeiro das espécies e variedades estudadas, indicando que são importantes as variações das dimensões do fruto ao longo do processo de secagem e, ainda, que as expressões matemáticas ajustadas aos dados obtidos representaram de forma satisfatória os fenômenos estudados.The present work had as objective to evaluate the effect of moisture content variation on dimensions and physical properties (sphericity and roundness of coffee fruit of the arabica and canephora species, for different varieties. The obtained results show that the reduction of moisture content affects in an accentuated way the physical characteristics of coffee fruit of the studied species and varieties, indicating that the variations of dimensions of the fruit along the drying process are important. Further, the mathematical expressions adjusted to the data were satisfactory for the studied phenomena.

  19. Caracterização e oxidação de compostos orgânicos nas águas residuárias da despolpa úmida dos frutos do cafeeiro

    OpenAIRE

    Gonçalves, Maraísa

    2014-01-01

    A despolpa úmida dos frutos do cafeeiro é uma das atividades agrícolas geradoras de grande carga poluidora, sua grande desvantagem é o grande volume de água utilizada que, geralmente, volta ao meio com qualidade muito inferior. O presente estudo teve como objetivo estudar a composição orgânica desse efluente, preparar e testar catalisadores para a oxidação dos possíveis compostos nele presentes. Foram realizadas três coletas do efluente, duas na fazenda experimental da EPAMIG (Machado, MG) e ...

  20. Atividade antiinflamtória do extrato aquoso e frações do fruto da Cayaponia cabocla (Vell.) Mart. (Cucurbitaceae)

    OpenAIRE

    Provasi, Marilene; Silva, Daniel R.; Bersani Amado, Ciomar Aparecida; Delani, Tieles C. O.; Nakamura, Celso Vataru; Dias Filho, Benedito Prado; Cortez, Diógenes Aparício Garcia

    2007-01-01

    O objetivo deste trabalho foi avaliar a atividade anitinflamatória tópica in vivo do extrato aquoso e frações do fruto de Cayaponia cabocla (Vell.) Mart. (Curcubitaceae). Extratos e frações dos frutos frescos de C. cabocla foram avaliadas a ação antiinflamatória sobre o modelo de pleurisia induzida por carragenina e edema de orelhas de camundongos induzido por óleo de cróton. Doses de 250 e 500 mg mg Kg do extrato aquoso reduziram o volume do exsudato pleural e o número de células migradas, e...

  1. Formação de biofilme em gotejadores aplicando água residuária da despolpa dos frutos do cafeeiro = Formation of biofilm in drippers applying wastewater from pulping of the coffee fruits

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rafael Oliveira Batista

    2007-07-01

    Full Text Available Este trabalho teve por objetivo analisar a formação de biofilme em sistemas de irrigação por gotejamento aplicando água residuária da despolpa dos frutos do cafeeiro (ARC submetidas ou não à passagem em filtro orgânico. Para isso, foi montada uma estrutura hidráulica de avaliação, constituída de fitas gotejadores, não autocompensantes e posicionados no espaçamento de 0,3 m. Diante dos resultados obtidos, pode-se concluir que: águas residuárias da despolpa de frutos do cafeeiro apresentaram severo risco de entupimento de gotejadores, mesmo quando submetidas a tratamento prévio em filtros orgânicos.This work objectified to analyze the formation of biofilm in drip irrigation systems applying wastewater from pulping of the coffee fruits (ARC with and without ticket in organic filter. For that, a hydraulic structure of evaluation, constituted of drip tape, non pressure compensating, positioned in the spacing of 0,3 m. In accordance with the results obtained can be concluded that: wastewater from pulping of the coffee fruits presented severe risk of clogging of emitters, same when submitted the treatment in organic filters.

  2. Crescimento, produção de biomassa e eficiência fotossintética da bananeira sob fertirrigação com nitrogênio e potássio Growth, biomass yield and photosynthetic efficiency of banana, under fertirrigation with nitrogen and potassium

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alberto Soares de Melo

    2010-09-01

    Full Text Available O objetivo do trabalho foi avaliar os efeitos de doses de nitrogênio e de potássio fornecidos via água de irrigação, nas características morfofisiológicas da bananeira, cultivar 'Prata-Anã', em solo dos tabuleiros costeiros do estado de Sergipe. O experimento foi realizado em campo, utilizando o fatorial 4x4 com quatro blocos casualizados, na Estação Experimental da Universidade Federal de Sergipe. Foram avaliados os efeitos das doses de nitrogênio aos níveis de 0; 250; 500 e 750 kg ha-1 na forma de uréia e K2O nos valores de 0; 290; 580 e 870 kg ha-1 oriundo do cloreto de potássio. Foram coletados dados referentes ao crescimento vegetativo, partição de fitomassa seca e eficiência fotossintética das plantas. O maior ganho na produção de fitomassa seca da parte aérea (8054,88 g planta-1 correspondeu ao tratamento 700 kg ha-1 ano-1 de N e 1200 kg ha-1 ano-1 de K2O, sendo 16,51% destinados à fitomassa seca das folhas, 43,77% à fitomassa seca do pseudocaule e 39,71% à fitomassa seca do cacho. Doses elevadas de N e baixas de K causam a ontogenia mais rápida das folhas, diminuindo a razão da área foliar com reflexos negativos no rendimento da cultura. A maior conversão da irradiação solar em fitomassa seca pela bananeira foi obtida no tratamento com 732 kg ha-1 de N e 1200 kg ha-1 de K2O.The objective of this study was to evaluate effects of nitrogen and potassium applied trough water irrigation on physiological characteristcs of banana cv Prata Anã in the coastal tablelands of Sergipe State. The experiment was carried out in the Sergipe Federal University Experiment Station, as 4x4 factorial, in randomized blocks with four repplications. Doses of nitrogen as ureia were (0; 250; 500 e 750 kg ha-1 and doses of potassium as potassium chloride were (0; 290; 580 e 870, in kg ha-1 of K2O. Vegetative growth, biomass partition and photosynthesis efficiency were determined. Plant aerial biomass of 8054.88 g plant-1 was achieved

  3. Crescimento, trocas gasosas e potencial osmótico da bananeira-'Prata', submetida a diferentes doses de sódio e cálcio em solução nutritiva Growth, gaseous exchange and osmotic potential of banana 'Prata' plants, exposed to different concentrations of sodium and calcium in nutritive solution

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    LUDMILA LAFETÁ DE MELO NEVES

    2002-08-01

    Full Text Available O cálcio vem sendo utilizado com o intuito de incrementar tolerância a sais nas plantas, pois sabe-se que a salinidade restringe o crescimento e a produtividade de muitas culturas. Este estudo teve por objetivo avaliar os efeitos da aplicação de sódio e cálcio sobre o crescimento inicial, trocas gasosas e potencial osmótico da bananeira (Musa spp. 'Prata' (AAB. Foi utilizado o delineamento experimental em blocos casualizados, com arranjo fatorial 4 x 4 [ 4 doses de sódio ( 0; 5; 10; 15 mmol L-1 e 4 de cálcio ( 2; 4; 8; 12 mmol L-1] e 3 repetições. A emissão total de folhas e o potencial osmótico das plantas não foram influenciados pelos tratamentos. O aumento dos níveis de sódio na solução promoveu redução significativa na massa fresca da parte aérea, altura, área foliar, diâmetro do pseudocaule e massa seca das plantas. A presença de 5 mmol L-1 de Na na solução favoreceu as trocas gasosas. O aumento dos níveis de cálcio na solução promoveu a redução da massa fresca da parte aérea, altura e área foliar da bananeira-'Prata'.The Calcium has been used to increase salt tolerance in plants since salinity restricts growth and productivity in many crops. This study was conducted with the objective of evaluating the effects of sodium and calcium application on the initial growth, gaseous exchange and osmotic potential of banana (Musa spp. 'Prata' plants (AAB. The experimental layout was a 4 x 4 factorial with three replicates in a randomized complete block design. The factors tested were concentrations of sodium (0; 5; 10; 15 mmol L-1 and calcium (2; 4; 8; 12 mmol L-1. The total emition of leaves and the osmotic potential of the plants were not influenced by the treatments. However, the increase in concentrations of sodium in the nutritive solution resulted in significant reduction of the fresh weight of aerial plant parts, height and leaf area of the plants, diameter of the pseudostem, and dry weight of the plants. The

  4. Distribuição da biomassa e minerais em "família" de bananeira 'prata-anã' adubada com zinco via broto desbastado Biomass distribution and minerals in "family" of banana 'prata-anã' fertilized with zinc through thinned sprout

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Geralda Vilela Rodrigues

    2010-06-01

    Full Text Available O Norte de Minas Gerais cultiva basicamente bananeira 'Prata-Anã', cultivar especialmente exigente em zinco. A possibilidade de fornecimento de Zn, sem que esse entre em contato com o solo, é importante para a região, uma vez que vários fatores levam à baixa disponibilidade do elemento fornecido via solo, como: elevado teor de matéria orgânica na camada superficial (resultante de resíduos culturais; manutenção de elevado pH do solo - acima de 6,00 - como estratégia contrária à proliferação do agente causal do mal- do-panamá; adubações frequentes com potássio e magnésio, que além de basificar o meio, diminuem a participação do Zn no equilíbrio cátion-ânion do solo, dificultando a absorção deste micronutriente pela planta. Para determinar a distribuição de biomassa e minerais na bananeira Prata-Anã, cultivada sob irrigação no norte de Minas Gerais, quando o zinco é fornecido via broto desbastado, foi conduzido um experimento no Perímetro Irrigado de Jaíba. As plantas foram adubadas com 0,00; 1,66 e 3,33 g.família-1 de Zn (0; 25 e 50 g.família-1.ano-1 de sulfato de Zn, via muda desbastada. Um mês após as adubações de outubro de 2007 e junho de 2008, avaliaram-se a produção de massa fresca (MF e massa seca (MS, os teores e conteúdos de minerais em todos os órgãos de uma ''família'' de bananeira composta por planta-mãe com cacho + planta-filha alta + planta-neta. As doses de Zn não influíram na produção de MF e MS das plantas na primeira avaliação, enquanto na segunda avaliação observou-se efeito positivo do tratamento apenas para MF acumulada nas folhas inferiores, nas porções do terço médio e inferior do pseudocaule, e no rizoma da planta-mãe. Tanto o teor quanto o acúmulo de nutrientes nas plantas-mãe apresentaram a seguinte ordem decrescente: K > N > Ca > Mg > P > S > Fe > Zn > B > Cu. Os teores de Zn foram afetados pela dose desse micronutriente na maioria das situações estudadas

  5. Posibles factores que producen la caída de fruto de Myrciaria dubia (HBK Mc Vaugh, "camu camu" durante la fenología reproductiva de la colección "cinco cuencas" en el centro experimental San Miguel - IIAP, Loreto, Perú

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sonia Farro

    2010-01-01

    Full Text Available Se evaluaron plantas de “camu camu” en cinco cuencas de Loreto (Perú, según el porcentaje de frutos con síntomas de infestación por plagas, la retención de flores y frutos en cada una de las cuencas y diámetros de ramas, y la influencia de la precipitación y temperatura en el proceso de caída de frutos según el estado fenológico. En el factor genético, la cuenca del río Putumayo destacó por presentar mayor retención de frutos, mayor rendimiento y peso promedio de frutos, así como menor ataque por plagas. Durante el proceso fenológico que duró 12 semanas, la etapa crítica de caída de flores y frutos ocurrió durante las primeras 7, siendo la retención de flores del 5.12%. Las plagas observadas son causantes del 9.27% de la caída, siendo el 9.15% causada por Edessa sp., y 0.12% por Conotrachellus dubiae. El otro 90.73% fue originado por otros factores no determinados tales como fisiológicos, nutritivos, competencia, vientos, lluvia. Los factores ambientales de temperatura y precipitación, ejercen una influencia directa e inversamente proporcional a la caída de frutos, respectivamente.

  6. Morfologia da flor e formação do fruto no amendoim cultivado (Arachis hypogaea, L. Flower morphology and fruit development in the cultivated peanut (Arachis hypogaea L.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Candida H. T. M. Conagin

    1955-01-01

    Full Text Available O amendoim comum pertence à espécie Arachis hypogxa L. ; outras espécies não apresentam valor econômico algum. As variedades comerciais podem ser reunidas em três grupos - Virgínia, Spanish e Valência - de acôrdo com a distribuição das gemas vegetativas e reprodutivas e também com o número de sementes por fruto. Nêste trabalho é apresentado um estudo da morfologia, duração e fertilização da flor, mostrando que no amendoim não existe a suposta distinção de flôres férteis e estéreis. Também a formação do fruto é descrita, mostrando a interessante característica desta planta, que é ter flôres aéreas e frutos subterrâneos.This work is based mostly on the descriptions given in Smith's paper "Arachis hypogxa L. Aerial flower and Subterranean Fruit" (2 and in the symposium "The Peanut. The unpredictable Legume" (3, and also on some of the author's observations. All cultivated peanut varieties belong to the species Arachis hypogxa L.; other species of the genus are not used for commercial production and may be of interest only for breeding purposes. Commercial peanut varieties can be grouped into one of three types : Virginia, Spanish, and Valencia. This grouping is done according to the distribution of vegetative and reproductive buds on the plant, and to the number of seeds per fruit. Studies were made on flower morphology, its duration and fertilization ; they indicated that all peanut flowers are potentially fertile and cannot, therefore, be classed into fertile and infertile types. A description of how the aerial flowers produce subterranean fruits is given.

  7. Aspectos da biologia floral relacionados à produção de frutos de pinha (Annona squamosa L. = Floral biology aspects related to the production of sugar apple (Annona squamosa L. fruits

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Generosa Sousa Ribeiro

    2007-10-01

    Full Text Available O Estado da Bahia é o maior produtor de pinha no Brasil, apresentando uma área produtiva que ultrapassa os 5.400 ha. Para a boa produtividade e qualidade dos frutos, estudos relacionados à polinização são fundamentais e fornecem dados que subsidiamprogramas de fitomelhoramento. Este trabalho objetivou o estudo de aspectos da biologia floral relacionados à produção de frutos de pinha. O estudo foi realizado em dois pomares comerciais da região Sudoeste do Estado da Bahia, compreendendo: observação dodesenvolvimento floral; coleta e armazenamento dos grãos de pólen em duas condições de temperatura; análise da viabilidade e germinabilidade do pólen e polinização manual em cinco horários após a coleta do pólen. O delineamento experimental utilizado foi ointeiramente casualizado. Os resultados demonstraram que a antese ocorre às 5 horas da manhã nas condições edafoclimáticas avaliadas; os grãos de pólen permanecem viáveis por até 12 horas, permitindo a produção de frutos com peso comercial.The State of Bahia is the largest producer of sugar apple inBrazil, reaching a production area of 5,400 ha. In order to ensure good fruit productivity and quality, studies related to pollination are essential, and provide data that subsidize phyto-improvement programs. The objective of this work was the study of floral biologyaspects linked to the production of sugar apple. The study was carried out in two commercial orchards in the Southwestern region of the State of Bahia, Brazil, comprising the following steps: observation of the morphological characteristics of the flowers;collection and storage of pollen grains under two temperature conditions; analysis of the viability and pollen germinability; and manual pollination at five different times after collecting the pollen grains. The experimental design used was entirely randomized blocks. The results provided by the regression analysis and by the variance analysis enabled the

  8. Produção de etileno e atividade da enzima ACCoxidase em frutos de maracujá-amarelo (Passiflora edulis f. flavicarpa Deg. Ethylene production and ACCoxidase activity in passion fruits (Passiflora edulis f. flavicarpa Deg.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Larissa Macedo Winkler

    2002-12-01

    Full Text Available O maracujá-amarelo (Passiflora edulis f. flavicarpa Deg. é uma das principais espécies cultivadas do gênero Passiflora. Seus frutos são ricos em minerais, vitaminas e apresentam aroma e sabor agradáveis. O presente trabalho teve como objetivos determinar a produção de etileno e atividade enzimática da ACCoxidase (ACCO em maracujá-amarelo colhido em diferentes estádios de maturação. A determinação do estádio de maturação foi realizada com o auxílio de um colorímetro, que, por meio da radiação ultravioleta, estabeleceu valores absolutos da cor dos frutos de cada um dos grupos (I, II e III. A produção de etileno e a atividade da ACCoxidase foram realizadas por cromatografia gasosa. Os frutos do grupo I são predominantemente verdes, de acordo com os valores absolutos da cor obtidos. Os frutos do grupo II são predominantemente, coloridos, ou seja, em um estádio de maturação intermediário, e os frutos do grupo III, totalmente coloridos, apresentando-se, portanto, em início da senescência. Os frutos do grupo I apresentaram atividade da ACCO predominantemente mais elevada do que os frutos do grupo III, ocorrendo também o mesmo comportamento com a produção de etileno, com um valor médio de 7,25 nL. g-1. h-1, bem acima do nível máximo estabelecido para espécies classificadas como fracamente produtoras de etileno (0,5 nL. g-1. h-1. Assim, o maracujá-amarelo difere quanto à produção de etileno e atividade da enzima ACCO, de acordo com o estádio de maturação. A espécie foi considerada, em comparação com outras espécies, como produtora intermediária de etileno. A atividade enzimática da ACCO é mais elevada em frutos predominantemente verdes, mas ela é limitada e necessita de co-fatores enzimáticos para sua atividade máxima.Passion fruit (Passiflora edulis f. flavicarpa Deg. is one of the main cultivated species of Passiflora genus. Its fruits are rich in mineral salts and vitamins and to present

  9. Produção e qualidade dos frutos da goiabeira 'Pedro Sato' submetida a diferentes épocas de poda Production and quality of guava fruits 'Pedro Sato' submitted to different pruning times

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ronaldo Hissayuki Hojo

    2007-03-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi verificar a possibilidade de produção de goiaba de boa qualidade comercial, em diferentes épocas do ano, de acordo com podas realizadas em setembro e dezembro de 2003, março e junho de 2004. Utilizaram-se goiabeiras, cultivar Pedro Sato, com os ramos podados a 30 cm da base, sem desfolhamento, com quatro anos de idade, em delineamento de blocos ao acaso. Avaliaram-se: número de frutos produzidos, produção por planta, firmeza, sólidos solúveis (SS, acidez titulável (AT, relação SS/AT, pH e açúcares solúveis totais. Observou-se que as épocas de poda afetaram de maneira expressiva as características avaliadas. A produção de frutos por planta variou de 269,8 a 500,8 e foi inversamente proporcional ao peso dos frutos (186,9 a 205,5 g. A produção foi entre 55,5 e 93,6 kg por planta. O período de poda também influenciou as características físico-químicas dos frutos, mas não afetou a firmeza. É possível a produção de frutos de boa qualidade ao longo de nove meses do ano, com o manejo das podas.The objective of this work was to verify the possibility of fruit production at different periods, according to the pruning time (September and December 2003 and March and June 2004. The experimental design was a randomized blocks with guava plants of cultivar Pedro Sato per repetition, with four-years old, no defoliation, and branches prunned with 30 cm length. Evaluations consisted of: number of fruits per plant, plant yield, firmness, soluble solids (SS, titratable acidity (AT, SS/AT ratio, pH and total soluble sugars. It was observed that the pruning periods affected these characteristics. The fruit number per plant varied from 269.8 to 500.8. Fruit weight (186.9 to 205.5 g was inversely proportional to the yield per plant. The total yield weight of fruits varied from 55.5 to 93.6 kg per plant. The pruning period also influenced significantly physio-chemical characteristics of the fruits, but not the

  10. Crescimento de mudas micropropagadas de bananeira aclimatizadas nas condições da Amazônia Sul Ocidental sob a influência de diferentes substratos e recipientes Growth of micropropagated banana plantlets acclimatized on conditions of South West Amazon under the influence of different substrates and recipients

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Janiffe Peres de Oliveira

    2008-06-01

    Full Text Available Para laboratórios que produzem milhares de plantas micropropagadas regularmente, a otimização da fase de aclimatização é de fundamental importância para evitar perdas excessivas de plantas, bem como favorecer seu crescimento. O trabalho teve por objetivo avaliar o crescimento de mudas micropropagadas de bananeira na aclimatização, sob a influência de diferentes substratos e recipientes, nas condições da Amazônia Sul-Ocidental. Após o sexto subcultivo, brotações de bananeira, cv. Grand Naine (AAA, foram enraizadas em meio MS básico sendo, posteriormente, transferidas para viveiro onde foram plantadas em tubetes de 115 cm³ e 180 cm³ preenchidos com seis diferentes substratos, formulados a partir da combinação de terra de encosta, esterco bovino e casca de arroz carbonizada. Avaliações sobre sobrevivência, altura da parte aérea e diâmetro do pseudocaule foram realizadas quinzenalmente, sendo que, ao final de 75 dias, também foi determinada a massa fresca e seca das plantas. Observou-se que a sobrevivência das plantas não foi influenciada pelo uso de tubetes de 115 cm³ ou 180 cm³, no entanto, plantas aclimatizadas em tubetes de 180 cm³ apresentam maior crescimento em altura e diâmetro do pseudocaule e, conseqüentemente, maior acúmulo de massa fresca e seca das partes aérea e raízes, durante a aclimatização, quando comparados aos tubetes com 115 cm³ de capacidade. Entre os substratos, verificou-se que aqueles que continham esterco bovino na sua composição, proporcionaram resultados superiores quando comparados aos demais substratos testados para todas as variáveis analisadas, sendo este, portanto, um importante componente no desenvolvimento das plantas durante a fase de aclimatização.For laboratories that produce thousands of micropropagated plants regularly, the optimization of the acclimatization phase is of fundamental importance to avoid excessive losses and to promote the development of the plants

  11. Avaliação da diversidade fenotípica em rambuteiras (Nephelium lappaceum com base na qualidade dos frutos Evaluation of phenotipic diversity in rambutan trees (Nephelium lappaceum based on fruit quality

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Célio Kersul do Sacramento

    2013-03-01

    Full Text Available O rambotã (Nephelium lappaceum L., fruta originária da Ásia, é cultivado comercialmente no Brasil, nos Estados da Pará e Bahia, mas devido à propagação sexuada, apresenta grande variabilidade para características morfológicas e químicas dos frutos. Visando a identificar potenciais matrizes, foram avaliados, em Ituberá-BA, frutos de 105 genótipos de rambotã com base na coloração da casca, suculência e teor de sólidos solúveis. Nesse grupo de plantas, 80 genótipos (76,2% apresentaram frutos com teor de sólidos solúveis igual ou superior a 16 ºBrix e tiveram uma amostra coletada para análise em laboratório. Após a pesagem, foram identificados 20 genótipos cujos frutos apresentaram peso médio acima de 30 g e foram submetidos às análises físico-químicas. Os genótipos avaliados apresentaram frutos com peso médio de 33,2 g (30,2 a 39,4 g, rendimento do arilo de 42,3% (35,1 a 50,2%, sólidos solúveis de 17,6 ºBrix (15,8 a 19,7 ºBrix e acidez titulável 0,44% (0,19 a 0,86%. A amostra de rambuteiras avaliadas apresentou grande variabilidade fenotípica e permitiu a identificação de 20 19 ou 19,05% do total de genótipos avaliados, cujas características dos frutos atendem aos padrões estabelecidos em outros países (peso acima de 30 g e sólidos solúveis acima de 16 ºBrix.The rambutan (Nephelium lappaceum L. fruit originated from Ásia is commercially growth in the states of Pará and Bahia, Brazil, but due to sexual propagation, it shows great variability to morphological and chemical characteristics of the fruits. In order to select potential matrices, fruits of 105 genotypes of rambutan grown in Ituberá, BA were evaluated, based on fruit size, coloration of epicarp and soluble solids. In this sample, 80 genotypes (76.2% presented fruits with soluble solids rate 16 ºBrix or above and their fruits were analyzed in laboratory. After the weighing were indentified 20 genotypes which presented fruits with average

  12. Estimativas de tamanho de parcelas para avaliação de descritores fenotípicos em bananeira Estimates of plot size for the evaluation of phenotipics descriptors in banana

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sérgio Luiz Rodrigues Donato

    2008-08-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi estimar o tamanho adequado de parcelas experimentais, para avaliação de descritores fenotípicos em bananeira, a partir de um ensaio de uniformidade com a cultivar Tropical, no espaçamento de 3x2 m, em área útil com nove fileiras de 40 plantas. Foram avaliados: altura da planta; perímetro do pseudocaule; número de filhos emitidos e número de folhas vivas, no florescimento e na colheita; peso do cacho e das pencas; número de pencas e de frutos; peso da segunda penca; e peso, comprimento e diâmetro do fruto, em dois ciclos de produção. As plantas, consideradas unidades básicas, foram combinadas para formar diferentes tamanhos de parcelas. Os dados foram submetidos à análise de variância em modelo hierárquico. O tamanho da parcela foi estimado pelos métodos da máxima curvatura, máxima curvatura modificado e comparação de variâncias. Determinaram-se o índice de heterogeneidade do solo e a diferença detectável entre médias de tratamentos. A variabilidade aumentou entre os ciclos, com reflexos nos tamanhos de parcela, que variaram com o método utilizado, a variável avaliada e o ciclo de produção. O método da máxima curvatura modificado apresenta estimativas mais ajustadas. Parcelas com seis unidades básicas (36 m² são apropriadas para avaliar, com precisão, os descritores fenotípicos em bananeira.The aim of this work was to estimate the adequate size of experimental plots, for the evaluation of phenotypic descriptors in banana, from a trial of uniformity with the cultivar Tropical, in the spacing of 3x2 m, in a useful area with nine rows of 40 plants. The following variables were evaluated: plant height; pseudostem perimeter; number of emitted suckers and number live leaves, during flowering and at harvest; weight of the bunch and the hands; number of hands and fruits; weight of the second hand; weight, length and diameter of the fruit, in two cycles of production. The plants

  13. Sistema de pré-aviso para o controle da sigatoka-amarela da bananeira no Recôncavo Baiano Forecasting for the control of banana 'yellow sigatoka' in the Recôncavo Baiano region, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Danúzia Maria Vieira Ferreira

    2003-12-01

    Full Text Available Entre os problemas que afetam a bananicultura brasileira, a Sigatoka-amarela (Mycosphaerella musicola Leach destaca-se como um dos mais graves, podendo causar perdas superiores a 50% na produção. O controle químico continua sendo uma das principais alternativas disponíveis. Por isto a utilização de um sistema de monitoramento que possa indicar o momento correto da aplicação dos fungicidas é uma alternativa importante para racionalizar seu uso. O objetivo deste trabalho foi definir o valor de soma bruta no sistema de pré-aviso biológico, que permita reduzir o número de aplicações anuais de defensivos capaz de controlar eficientemente a Sigatoka-amarela na região do Recôncavo Baiano. O ensaio foi conduzido na área experimental do Centro Nacional de Pesquisa de Mandioca e Fruticultura Tropical - Embrapa Mandioca e Fruticultura, da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - EMBRAPA, no município de Cruz das Almas, BA. Testaram-se oito tratamentos, seis utilizando a soma bruta ( 1000; 1300; 1600; 1900; 2200 e 2500, o controle sistemático da doença a cada 21 dias e a testemunha controle. Esses tratamentos foram distribuídos em oito quadras de 48 plantas da cultivar Grande Naine, avaliando-se semanalmente dez plantas por tratamento, quanto à taxa de emissão foliar e incidência da doença nas folhas 2, 3 e 4, indicando a intensidade do estádio mais avançado da lesão presente nas mesmas. Os dados semanais foram usados para o cálculo das respectivas somas brutas, recomendando ou não a aplicação do fungicida (propiconazole 3mL mais 1L de óleo mineral . Na colheita coletaram-se os dados de produção e severidade da doença. Apenas os tratamentos controle sistemático, soma bruta 1300 e soma bruta 1600 apresentaram produções estatisticamente diferentes da testemunha sem controle. Considerando a produtividade obtida e o número de aplicações de fungicidas, requeridas durante o ciclo, foi concluído que, para as condi

  14. Avaliação da atividade antifúngica de extratos de gengibre e eucalipto in vitro e em fibras de bananeira infectadas com Helminthosporium sp = Evaluation of antifungal activity in vitro of ginger and eucalypt extracts on banana fibers infected with Helminthosporium sp

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edvirgem Rodrigues

    2006-01-01

    Full Text Available O presente trabalho teve como objetivo avaliar a fungitoxicidade dos extratos brutos aquosos (EBA de gengibre (Zingiber officinalis e eucalipto (Corymbia citriodora sobre o fungo Helminthosporium sp. Este patógeno foi identificado nas fibras do pseudocaule da bananeira, as quais são utilizadas na fabricação de artesanato local. Foram avaliados o crescimento micelial e esporulação do fungo in vitro, além do crescimento da colônia fúngica nas fibras tratadas com os extratos das plantas. As fibras receberam os seguintes tratamentos:preventivo (P, curativo (C e T0, sendo que neste último, a inoculação e o tratamento com os EBAs foram realizados simultaneamente. Os resultados in vitro mostraram que, dos extratostestados, eucalipto foi mais eficiente na redução do crescimento micelial e produção de esporos do fungo. Com relação ao tratamento in vivo, verificou se que apenas as fibras tratadas preventivamente com o EBA de eucalipto não foram afetadas por Helminthosporium sp.The present work aimed to evaluate the fungitoxicity of ginger (Zingiber officinalis and eucalypt’s (Corymbia citriodora aqueouscrude extracts (ACE concerning the Helminthosporium sp fungus. This pathogen was identified in the fibers of banana pseudostem, used in local handicraft production. The fungus mycelial growth and sporulation were evaluated in vitro, as well as the growth of funguscolony on banana fibers treated with these plant extracts. The fibers received the following treatments: preventative, curative and T0 (the inoculation process and the treatments with the ACEs were used at the same time. The in vitro results showed that the eucalypt crude extract was the most efficient in mycelial growth and in reduction of spores production. As for the in vivo treatment, it was observed that fibers, preventatively treated with eucalypt ACE, were not affected by Helminthosporium sp.

  15. Avaliação do estado nutricional e do desenvolvimento da bananeira-prata-anã (Musa spp. em função da adubação nitrogenada Evaluation of the nutricional status and development of banana cultivar "prata anã" (Musa spp. in relation to nitrogen fertilization

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patrícia Soares Furno Fontes

    2003-04-01

    Full Text Available O experimento foi instalado num Argissolo Amarelo, no município de Itaocara-RJ (Latitude de 21º 39' 12" Sul e Longitude de 42º 04' 36" Oeste, com clima conforme Köppen, classificado como Awi, temperatura média anual em torno de 22,5ºC e precipitação anual de 1041 mm, com o objetivo de avaliar o estado nutricional e o desenvolvimento da bananeira cultivar Prata-Anã em função da aplicação de cinco doses de nitrogênio (0; 150; 300; 450 e 600 kg ha-1 ano-1 de N. Os teores dos nutrientes na matéria seca foliar não foram alterados pelas doses de N, exceções feitas ao Mn e ao Cl. Os teores foliares dos nutrientes variaram entre as épocas analisadas, com exceção do Ca. Não houve diferença nos teores de N na folha analisada, em função do incremento da adubação nitrogenada. Foram encontrados menores teores de K na matéria seca foliar, na época da inflorescência e formação do cacho. A adubação nitrogenada não afetou a época de florescimento e a altura do cacho. Observou-se diminuição na emissão de filhotes com o incremento das doses de N.The experiment was carried in Yellow Podzolic at Itaocara, Rio de Janeiro State, Brazil, (Latitude 21º 39' 12" South and Longitude 42º 04' 36" West, with climate, conform Köppen, classified as Awi,, to evaluate the nutritional status and the development of the banana cultivar "Prata Anã" in relation to five nitrogen fertilization levels (0, 150, 300, 450 and 600 kg ha-1 year-1 of N. In general, the analyzed nutrients contents in the leaf dry matter were not modified by the increase of N dosage, being exception Mn and Cl. The levels of leaf nutrients differed between sampling seasons, with the exception of Ca. There was no variation in the levels of N in the leaf dry matter, in relation to nitrogen fertilization. Lower levels of K were observed in the leaf dry matter during the blooming and bunch development. In the first growing cycle, the nitrogen fertilization had no effect

  16. Efeito da idade e do repouso pós-colheita de frutos de pepino na semente armazenada Effect of fruit age and post-harvest period of cucumber on stored seeds

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Claudio José Barbedo

    1999-05-01

    Full Text Available Para avaliar os efeitos da idade e do repouso pós-colheita de frutos de pepino (Cucumis sativus L. de duas cultivares, Pérola (espinhos escuros e Rubi (espinhos claros, sobre as alterações na qualidade fisiológica das sementes durante o armazenamento, conduziu-se um experimento em Botucatu, SP e Bandeirantes, PR, durante quatro anos. Os frutos foram colhidos desde os 15 ('Rubi' ou 20 ('Pérola' dias até 45 dias após a antese, permanecendo em repouso pós-colheita por 0, 5, 10 e 15 dias, antes da extração das sementes. Antes e após dois e três anos de armazenamento (sacos de papel em ambiente de laboratório, foram retiradas amostras para avaliação do potencial germinativo e do vigor. Os resultados revelaram que sementes imaturas, retiradas de frutos colhidos precocemente (até 30 dias após a antese e sem repouso pós-colheita, perderam totalmente a capacidade germinativa no segundo ano de armazenamento. Sementes que apresentavam valores iniciais de germinação mais elevados, as colhidas de frutos maduros (com ou sem repouso pós-colheita ou de imaturos (30 e 35 dias de idade com 10 a 15 dias de repouso pós-colheita, mantiveram valores acima de 70% após três anos de armazenamento.Seeds from two cucumber (Cucumis sativus L. cultivars, Pérola and Rubi, were evaluated in relation to physiological quality to verify the effects of age and postharvest period of fruits on seed storage potential. Fruits were harvested from 15 ('Rubi' or 20 ('Pérola' to 45 days after flowering and mantained in postharvest for 0, 5, 10, and 15 days before seeds extraction, at room conditions. Seeds were dried and stored in paper bags at room conditions for two and three years. Before and after the storage periods, samples were taken to germination and vigour tests. Results showed that immature seeds (extracted from immature fruits - 30 days after flowering without post-harvest period, did not germinate at second year. However, seeds with high

  17. Estádio de maturação de frutos e remoção física da sarcotesta na produção de mudas de mamão

    OpenAIRE

    Aniela Pilar Campos de Melo; Alexsander Seleguini

    2013-01-01

    O uso de mudas de qualidade é primordial para o sucesso na implantação do cultivo domamoeiro. Entretanto, a presença da sarcotesta nas sementes e a dormência pós-colheita defrutos podem prejudicar a produção de mudas em escala comercial. Desta forma, em casa-devegetação,avaliou-se na emergência e no desenvolvimento de mudas de mamoeiro os efeitos dacombinação entre o estádio de maturação de frutos e métodos físicos de remoção da sarcotesta.Adotou-se o delineamento inteiramente casualizado, em...

  18. Alternativas de controle pós-colheita da podridão-parda e da podridão-mole em frutos de pessegueiro Alternatives for post-harvest control of brown rot and soft rot in peach fruits

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vicente Luiz de Carvalho

    2009-03-01

    Full Text Available As exigências do consumidor são cada vez maiores com relação à qualidade de produtos in natura. As podridões, além de causar perdas na produção, reduzem a qualidade final do fruto, interferindo significativamente na comercialização. Objetivou-se, com este trabalho, avaliar a eficiência de produtos alternativos, aplicados na pós-colheita, no controle da podridão-parda (Monilinia fructicola e da podridão-mole (Rhizopus spp. em pêssegos. O experimento foi conduzido no município de Nepomuceno-MG, em talhão de pessegueiro da cultivar Diamante, com 10 anos de idade. O delineamento experimental utilizado foi o inteiramente casualizado, com 7 tratamentos e 3 repetições. Para o estudo, foram selecionados frutos sem lesões e sem sintomas das doenças. Os frutos foram mergulhados por 30 segundos em solução contendo os seguintes tratamentos: 1-Óleo de cravo 0,01%; 2-Dióxido de cloro 0,1%; 3-Dióxido de cloro 0,05%; 4-Cloreto de benzalcônio 0,25%; 5-Dicloran 0,12%; 6-Iprodione 0,15% e 7-Testemunha (somente água. Após os tratamentos, os frutos, em número de 10, foram colocados em bandejas esterilizadas, em três repetições. O experimento foi conduzido em condições de ambiente não controlado, sendo feitas avaliações do desenvolvimento das doenças aos 3 e aos 5 dias após os tratamentos em 2005 e aos 3; 6 e aos 9 dias após o tratamento em 2006. O iprodione controlou a incidência e a severidade de M. fructicola e Rhizopus spp. O dicloran foi o tratamento mais eficiente para o controle do Rhizopus spp. e intermediário para M. fructicola. Os tratamentos com óleo de cravo e dióxido de cloro, na maior dose, reduziram a incidência de Rhizopus spp. e para severidade apresentaram resultados intermediários.The consumers demand are increasing with regard to the quality of in nature products. The rot, besides causing loss in production, reduce the quality of the product, interfering significantly in the marketing. The objective

  19. Plantio irrigado de bananeiras resistentes à Sigatoka-negra consorciado com culturas anuais Irrigated banana resistant to black Sigatoka, with annual intercrops

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ildeu de Souza

    2010-03-01

    Full Text Available Com o objetivo de avaliar o plantio irrigado de bananeiras resistentes à Sigatoka-negra consorciado com cultura anuais, na região norte de Minas Gerais, um experimento foi instalado na Fazenda Experimental do Departamento de Ciências Agrárias da Universidade Estadual de Montes Claros, Câmpus de Janaúba-MG. O experimento foi conduzido no período de abril de 2006 a julho de 2007, delineado em blocos casualizados, segundo um esquema de parcelas subdivididas 3 x 5, tendo na parcela as três variedades de bananeiras: Pacovan Ken, Caipira e Thap Maeo, e na subparcela quatro culturas intercalares: Feijão-Pérola, Quiabo-Dardo, Melancia-Crimson-Sweet e Feijão-Caupi, e a testemunha (sem cultura intercalar, com três repetições. Ao todo, foram 756 bananeiras, em 45 parcelas, com 6 plantas úteis cada, constituindo a cultura principal. As culturas intercalares ocuparam as entrelinhas da bananeira, tanto aquelas com as linhas de irrigação como sem linha de irrigação. O plantio da bananeira e das culturas intercalares foi feito no mesmo período, utilizando-se do espaçamento de 3,0 m entre as linhas e 2,0 m entre as covas de bananeira, com microaspersores espaçados de 6 m. Avaliaram-se as características vegetativas e reprodutivas das variedades de bananeiras, no primeiro ciclo. Não foi observado efeito significativo dos cultivos intercalares sobre as variedades de bananeiras, com exceção do número de dias do plantio ao florescimento e do número de dias do plantio à colheita das variedades de bananeiras. O uso do feijão-caupi promoveu atraso no ciclo de produção das três variedades de bananeiras Pacovan Ken, Caipira e Thap Maeo.To assess the irrigated cultivation of banana resistant to black Sigatoka, intercropped with annual crops in the northern region of Minas Gerais, a trial was conducted on an experimental farm of the Universidade Estadual de Montes Claros, in Janaúba-MG. The experiment was carried out from April 2006 to

  20. Parasitóides (Braconidae associados à Anastrepha (Tephritidae em frutos hospedeiros do litoral sul da Bahia Parasitoids (Braconidae associated with Anastrepha (Tephritidae in host fruits on the southern coast of Bahia, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Aparecida Leão Bittencourt

    2012-12-01

    Full Text Available Dentre os organismos que atuam no controle biológico natural dos tefritídeos, os representantes da família Braconidae constituem-se no mecanismo de parasitismo natural mais atuante, e na região Neotropical, representantes de Opiinae são os principais agentes de controle de Anastrepha. Este trabalho teve por objetivo conhecer a percentagem de parasitismo e as espécies de braconídeos associados às fruteiras cultivadas em municípios da região Litoral Sul da Bahia. No período de agosto de 2005 a março de 2008, coletaram-se frutos hospedeiros de moscas-das-frutas de diversas espécies botânicas, e dos frutos foram obtidas as seguintes espécies de Anastrepha: A. fraterculus, A. obliqua, A. bahiensis, A serpentina, A. sororcula e A. zenildae. Do total de 838 exemplares de braconídeos, 21,36% foram da espécie Utetes anastrephae (Viereck, provenientes de cajá, carambola, goiaba, manga e pitanga; 4,42% da espécie Asobara anastrephae (Muesebeck obtidos dos frutos de cajá, carambola e goiaba, e apenas um exemplar da espécie Opius bellus Gahan (0,12% que emergiu da amostra de goiaba. A espécie Doryctobracon areolatus (Szépligeti (74,10% foi predominante e emergiu dos pupários provenientes de todos os frutos hospedeiros coletados, provavelmente pela maior eficiência desta espécie em localizar as larvas dos tefritídeos. A percentagem média de parasitismo de Anastrepha spp. foi de 4,45%.Among the organisms acting in the natural biological control of tephritids, members of the family Braconidae are the most active form of natural parasite, and in Neotropical regions, members of Opiinae are the main control agents of Anastrepha. The objective of this work was to discover the percentage of parasitism and the species of braconid associated with fruit trees growing in cities on the southern coast of Bahia. During the period of August, 2005 to March, 2008, hosts fruits of fruit flies from several plant species were collected and from the

  1. MELHORAMENTO DO TOMATEIRO: II. PROCEDIMENTO DE GARDNER E EBERHART NA ANÁLISE HETERÓTICA DE CARACTERÍSTICAS MORFOAGRONÔMICAS E DA QUALIDADE DOS FRUTOS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    AMARAL JÚNIOR ANTÔNIO TEIXEIRA DO

    1997-01-01

    Full Text Available Cinco cultivares de tomateiro (Lycopersicon esculentum Mill. - Ângela I.5100, Floradade, IPA-05, Jumbo AG-592 e Santa Clara - e seus p (p - 1/2 cruzamentos foram avaliados quanto a dez características morfoagronômicas e cinco relacionadas à qualidade dos frutos, pelo método de Gardner e Eberhart. Os resultados evidenciaram suficiente variabilidade entre os parentais para a maioria das características, indicando uma situação favorável à aplicação do melhoramento genético. A potencialização das características `teor de carotenóides totais' e `conteúdo de beta-caroteno' nos frutos poderá ser alcançada por meio dos intercruzamentos envolvendo os cultivares Ângela I.5100, Floradade e Jumbo AG-592, enquanto apenas a combinação Jumbo AG-592 x Ângela I.5100 revelou possibilidade de incrementos nos teores de vitamina C. Considerando-se conjuntamente as características morfoagronômicas e as relacionadas à qualidade dos frutos, conclui-se que os cultivares Ângela I.5100, Floradade e Santa Clara são os de maior potencial para compor intercruzamentos.

  2. Modeling of the shrinkage kinetics of coffee berries during drying = Modelagem da cinética de contração de frutos de café durante a secagem

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gabriel Henrique Horta Oliveira

    2011-07-01

    Full Text Available The effects of drying conditions on the shrinkage of Coffea arabica L., cultivar Catuai Vermelho, were studied. An exponential model derived from the kinetic model was used to describe the shrinkage kinetics. In addition, an equation was proposed to describe the relationship between the superficial areas and weights of the coffee berries. Coffee berries were dried at temperatures (T of 35, 45, 55 and 65oC and at relative humidities (ƒÓ of 25, 35, 45 and 55%, forming 16 different sets of conditions, with an initial moisturecontent for all conditions of 2.27 dry basis (d.b., dried until 0.11 d.b. Changes in the product dimensions were measured continuously during drying. Surface area-to-volume ratio values increased with moisture content decrease. The model was suitable for representing the shrinkage kinetics, as well the empirical equation for predicting surface area. Temperature had a greater influence over the constant rate of change of the characteristic dimension (k values than ƒÓ. Activation energies were also determined to have magnitudes of 39.31, 37.32, 36.28 and 36.22 kJ mol-1 for relative humidities of 25, 35, 45and 55%, respectively. Neste trabalho foi estudado o efeito das condicoes de secagem sobre a contracao de frutos de cafe (Coffea arabica L., cultivar Catuai Vermelho. Um modelo exponencial derivado do modelo cinetico foi utilizado para descrever a cinetica da contracao. Ademais, uma equacao foi proposta para descrever a relacao entre a area superficial e a massa dos frutos de cafe. Frutos de cafe foram secos as temperaturas de (T de 35, 45, 55 e 65oC, juntamente com umidades relativas (ƒÓ de 25, 35, 45 e 55%, totalizando 16 condicoesdiferentes, com um teor de agua inicial de 2,27 base seca (b.s., secos ate 0,11 b.s. As alteracoes nas dimensoes do produto foram mensuradas continuamente durante a secagem. Os valores de relacao superficie-volume aumentaram com a diminuicao do teor de agua. Omodelo foi adequado para

  3. Avaliação de genótipos de bananeira em Goiânia, estado de Goiás Evaluation of banana genotypes in Goiânia, state of Goiás

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Khaico Henrique Mendonça

    2013-09-01

    Full Text Available No Brasil, 60% da área cultivada com bananeiras são das cultivares Prata, Prata Anã e Pacovan, no entanto, apesar da representatividade e importância destes genótipos, todos são suscetíveis às principais pragas e doenças desta Cultura. O objetivo foi avaliar o crescimento, desenvolvimento e produção de 23 genótipos de bananeiras: Caipira, Calipso, Bucaneiro, FHIA-02, FHIA-17, Thap Maeo, FHIA-01, FHIA-18, PA42-44, PA94-01, ST42-08, PV42-53, PV42-142, e PV79-34, PV94-01, PV42-81, YB42-21, YB42-03, YB42-07 Pacovan, Prata Anã, Maçã e Grand Naine, no município de Goiânia-GO, visando incorporar genótipos aos sistemas de produção comercial na região. O experimento foi conduzido na Embrapa Transferência de Tecnologia - Escritório de Negócios de Goiânia. Adotou-se o delineamento experimental em blocos ao acaso, com três repetições. As características avaliadas foram: altura da planta, circunferência do pseudocaule, número de folhas vivas na floração e na colheita, ciclo para florescimento e colheita do primeiro cacho, número de pencas por cacho, massa dos frutos, massa do cacho e das pencas, número, comprimento e diâmetro dos frutos. Os dados foram submetidos à análise de variância e as médias comparadas pelo teste de Scott-Knott a 5%. Os resultados obtidos neste trabalho qualificam as cultivares FHIA 17, Tropical, FHIA 01, Grand Naine e Bucaneiro como promissoras para serem incorporadas aos sistemas de produção da região.In Brazil, 60% of the area planted with banana are of the Prata, Prata Anã and Pacovan cultivars, However, despite the importance and representativeness of these genotypes they are all susceptible to the major pests and diseases of this crop. The objective here was to evaluate the growth, development and yield of 23 banana genotypes: Caipira, Calipso, Bucaneiro, FHIA-02, FHIA-17, Thap Maeo, FHIA-01, FHIA-18, PA42-44, PA94-01, ST42 -08, PV42-53, PV42-142-34 and PV79, PV94-01, PV42-81, YB42

  4. Anthelmintic activity of Melia azedarach fruits in lambs naturally infected with gastrointestinal nematodes / Atividade anti-helmíntica do fruto da Melia azedarach em cordeiros naturalmente infectados com nematódeos gastrintestinais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniela Guzzo

    2008-08-01

    Full Text Available The aim of this study was to evaluate the anthelmintic activity of Melia azedarach grounded dry fruits, in lambs naturally infected with gastrointestinal nematodes. Twenty four (24 mixed-breed Ile de France x Corriedale, male lambs, aged 3 month, were separeted into three (3 groups of eight (8 animals: the first group was medicated with 5mg.Kg-1 of albendazole orally, in a single dose, the second group was medicated with 2g.Kg-1 of Melia azedarach fruits orally, in a single dose, and the third group remained untreated, as control. The results showed that the group that presented the best efficacy was the one treated with albendazole (51.96%, followed by the group treated with Melia azedarach fruits that presented 33.21% of efficacy.Objetivou-se neste trabalho avaliar a atividade anti-helmíntica dos frutos secos e moídos da planta Melia azedarach, em cordeiros naturalmente infectados com nematódeos gastrintestinais. Utilizou-se 24 cordeiros, com 90 dias de idade, machos, mestiços Ile de France x Corridale, os quais foram divididos em 3 grupos de oito animais cada, sendo: grupo 1, medicado com 5mg.Kg-1 em dose única, de albendazole pela via oral (V.O; grupo 2, com 2g.Kg-1 (V.O, em dose única, do fruto do cinamomo (Melia azedarach e o grupo 3, controle, não recebeu nenhum tipo de tratamento. Os resultados encontrados demonstraram que o grupo tratado com albendazole foi o que apresentou melhor eficácia 51.96%, seguido do grupo tratado com frutos de cinamomo o qual apresentou eficácia de 33.21%.

  5. Agronomical and molecular characterization of banana germplasm Caracterização agronômica e molecular de germoplasma de bananeira

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lorenna Alves Mattos

    2010-02-01

    Full Text Available The objective of the present work was to characterize banana accessions from the Germplasm Bank at Embrapa Mandioca e Fruticultura Tropical (Brazil, using agronomical, physical and physicochemical characteristics of fruit and simple sequence repeats (SSR markers. Twenty-six accessions were analyzed, in which high genetic variability was found, especially for the agronomical characters number of fruit and weight of bunch. Accessions with high contents of carotenoids (diploid 'Jaran', polyphenols (triploid 'Caipira' and tetraploid 'Teparod' and vitamin C (diploid 'Tuugia' and an unknown triploid AAA in the fruit were identified. Thirteen microsatellite primers revealed an average of 7.23 alleles, which showed high variability. A dendrogram was prepared using the Gower algorithm for the distance matrices obtained from the agronomical, physical and physicolchemical analysis of fruit and SSR markers. Adopting the average genetic divergence as the cut-off point, three clusters were found: G1, formed by the diploids 'Jaran', 028003-01 and M-48; G2, by the diploids 'Malbut' and 'Ido 110'; and G3, by 21 tri-and tetraploid accessions, including one diploid, 'Tuugia'. The triploids with the B genome 'Thap Maeo', 'Walha', 'Pacha Nadan' and 'Champa Madras' were grouped in G2. Results from this work can be used for breeding hybrids with good agronomical traits and fruit quality.O objetivo deste trabalho foi caracterizar acessos de bananeira do Banco de Germoplasma da Embrapa Mandioca e Fruticultura Tropical, por meio de características agronômicas, físicas e físico-químicas dos frutos e por marcadores "Simple sequence repeats" (SSR. Foram analisados 26 acessos, nos quais observou-se ampla variabilidade genética, em especial para número de frutos e peso de cacho. Foram identificados acessos com altos teores de carotenoides (diploide 'Jaran', polifenóis (tetraploide 'Teparod' e vitamina C (diploide 'Tuugia' e um triploide AAA desconhecido. Os 13

  6. A influência da cobertura morta sobre características físicas e químicas de frutos da pinha (Annona squamosa L. The influence of mulching in relation to physical and chemical characteristics of the sugar apple (Annona squamosa L.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Carlson Gusmão da Silva

    2007-08-01

    Full Text Available De forma geral a aplicação de resíduos vegetais ao solo tem efeitos benéficos sobre os nutrientes do solo, sob as suas condições físicas, sob a atividade biológica e sobre a performance das culturas. O objetivo principal deste trabalho foi avaliar, durante um ciclo produtivo, o efeito da cobertura de bagaço de cana, casca de café e palha de Buffel (Cenchrus ciliaris, L., quanto ao seu efeito sobre características físicas e químicas do fruto da pinheira (Annona squamosa L.. O delineamento experimental foi o inteiramente casualizado, constando de cinco repetições, contendo duas plantas por parcela. Foram analisados: massa do fruto, massa da casca, massa das sementes e o número de sementes por fruto, o teor de sólidos solúveis e o pH da polpa. De modo geral, a presença da cobertura morta proporcionou incremento de massa aos frutos, o que promove aumento de receita, uma vez que, quanto maior for o fruto, melhor será seu preço. Não ocorreu aumento do pH da polpa, e o tratamento com casca de café proporcionou o maior teor de sólidos solúveis totais. Quanto às demais características, não foram encontradas diferenças.The application of vegetal wastes to soil have a beneficial effects on soil nutrient, physical conditions, biological activities and on the culture performance, the main objective of this study was to evaluate three kinds of vegetable byproducts: sugar cane bagasse, coffee chaff, and Buffel straw, regarding to the effect on the physical and chemical characteristics of custard apple (Annona squamosa L..The experimental design used completely randomid plots with five repplications, and two plants per plot. The total fruit mass, the peel mass, the seed mass per fruit were evaluated. The pulp level of soluble solids was measured, as well as its pH. The presence of this mulching provided an increase in the fruit mass, thereby, increasing the commercial profit, as larger the fruit is, the greater the value per weight

  7. Qualidade do fruto verde de coqueiro em função da irrigação com água salina Quality of green coconut fruits in relation to salinity of irrigation water

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Miguel Ferreira Neto

    2002-04-01

    Full Text Available Foram estudados, neste trabalho, os efeitos de quatro níveis de salinidade da água de irrigação (0,1, 5,0, 10,0 e 15,0 dS m-1 obtidos mediante adição de NaCl, na qualidade de frutos de coco (Cocos nucifera L. cultivar Anão Verde do Jiqui, com 3,5 anos de idade e na salinização do solo. O ensaio foi conduzido em blocos inteiramente ao acaso, em solo de textura arenosa não salino, utilizando-se de sistema de irrigação por microaspersão, no município de Parnamirim, RN, durante o período de janeiro/2000 a março/2001. A qualidade do fruto foi avaliada com base no peso médio, volume de água, ºbrix, e composição iônica da água. A salinidade da água de irrigação reduziu o peso médio e o volume de água dos frutos, elevando o teor de açucares (ºbrix a concentração iônica expressa pela condutividade elétrica (CE da água do fruto. Os íons em maior concentração na água de coco foram o cloreto e o potássio. A CE do extrato de saturação do solo, 11 meses após iniciada a irrigação, aumentou até à profundidade de 0,80 m, em função da concentração salina da água de irrigação, atingindo valores superiores a 4 dS m-1 principalmente nos últimos dois níveis de CE (10 e 15 dS m-1.The effects of 4 levels of water salinity (0.1, 5.0, 10.0 and 15.0 dS m-1 obtained by addition of NaCl were studied on quality of 3.5 years old dwarf green coconut (Cocos nucífera L.. The experiment was carried out in a completly randomized block design in an initially non-saline sandy soil, using a micro sprinkler irrigation system in the municipality of Parnamirim-RN, Brazil, during the period of January 2000 to March 2001. The quality of fruit was evaluated by means of fruit weight, volume of water, ºbrix, and ionic composition of coconut water. The salinity of irrigation water reduced the mean weight and volume of fruit water but increased the ionic concentration expressed as electrical conductivity (EC of coconut water and sugar

  8. ALTERAÇÕES EM ALGUNS ATRIBUTOS QUÍMICOS DO SOLO DECORRENTES DA IRRIGAÇÃO E ADUBAÇÃO NITROGENADA E POTÁSSICA EM BANANEIRA APÓS DOIS CICLOS DE CULTIVO CHANGES ON SOME SOIL CHEMICAL PROPERTIES DUE TO NITROGEN AND POTASSIUM FERTILIZATION AND IRRIGATION IN BANANA PLANTATION AFTER TWO CROP CYCLES

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    LUIZ ANTONIO JUNQUEIRA TEIXEIRA

    2001-12-01

    Full Text Available Com o objetivo de avaliar alterações em atributos químicos do solo causadas pela adubação nitrogenada e potássica em bananeira sob duas condições de irrigação, coletaram-se amostras de um Latossolo Vermelho Eutroférrico típico (Eutrustox, provenientes de um experimento de campo executado em Jaboticabal (SP durante dois anos. Empregou-se o delineamento experimental de blocos ao acaso com os tratamentos em parcelas subdivididas, sendo as parcelas principais constituídas por dois regimes hídricos: irrigado (microaspersão e sequeiro, e as subparcelas, pelas combinações de quatro doses de nitrogênio (0; 200; 400 e 800 kg ha-1 ano-1 de N e quatro de potássio (0; 300; 600 e 900 kg ha-1 ano-1 de K2O. A adubação nitrogenada causou decréscimos significativos nos valores de pH do solo, saturação por bases e teor de Mg trocável. O cultivo de bananeiras, especialmente sob irrigação, determinou redução significativa nos teores de K trocável do solo em dois ciclos de produção. Os efeitos da cultura sobre alguns atributos do solo indicam a necessidade de monitoramento periódico da fertilidade, visando à manutenção de condições satisfatórias para produção, especialmente quanto à acidez e aos teores de K e Mg trocáveis.Soil samples were analyzed with the objective of investigating changes on some soil chemical properties due to nitrogen and potassium fertilization and irrigation in a banana plantation. The samples were collected in a field experiment carried out on an Eutrustox (Latossolo Vermelho Eutroférrico típico in São Paulo State, Brazil, during two crop seasons. A split-plot design was used with irrigation (micro-sprinkler and no irrigation applied to main plots and a combination of four rates of N (0, 200, 400 and 800 kg N ha-1 year-1 and K (0, 300, 600 and 900 kg K2O ha-1 year-1 as the sub-plots treatments. Soil pH, base saturation and exchangeable Mg decreased with increasing in N rates. Exchangeable K was

  9. Estimativa das necessidades nutricionais de bananeiras do subgrupo Cavendish cultivadas no Estado de São Paulo Estimate nutrition needs of Cavendish banana trees subgrup grown in the State of São Paulo, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Antonio Junqueira Teixeira

    2008-06-01

    Full Text Available A acumulação na planta e a exportação de nutrientes pela colheita dos cachos são alguns dos fatores que determinam a necessidade de adubação para a cultura da bananeira. Visando a estimar as quantidades de nutrientes acumulados e exportados por bananeiras do subgrupo Cavendish, nas condições de cultivo do Estado de São Paulo, foram considerados 293 registros de um banco de dados contendo teores de N, P, K, Ca, Mg, S, B, Cu, Fe, Mn e Zn em frutos e em engaços e massa dos cachos das cultivares Grande Naine e Nanicão. Esses registros provieram de experimentos de adubação realizados no Planalto Paulista e no Vale do Ribeira, em áreas irrigadas e de sequeiro, durante sete ciclos de cultivo, variando fontes, doses e formas de aplicação de fertilizantes. Para produzir 40 t ha-1, em média, o nutriente exportado pelos cachos em maior quantidade foi o K (182 kg ha-¹ seguido pelo N (68 kg ha-¹, Mg (10 kg ha-¹, P (8 kg ha-¹, Ca (6 kg ha-¹, S (3 kg ha-¹, Mn (191 g ha-¹, Fe (147 g ha-¹, B (89 g ha-¹, Zn (68 g ha-¹ e Cu (25 g ha-¹. A recomendação de adubação para bananeira para o Estado de São Paulo, aparentemente, subestima a necessidade de K na implantação da cultura e preconiza doses de N muito superiores à exportação de N pelos cachos. Para P, a recomendação está coerente com as necessidades estimadas para a cultura.Fertilizer recommendations for banana take into consideration the accumulation of nutrients in plants and the amount removed in the bunches, among other factors. Nutrient contents accumulated in plants and removed by bunches of Cavendish bananas in the State of São Paulo (Brazil were assessed from a data bank of nutrient concentrations (N, P, K, Ca, Mg, S, B, Cu, Fe, Mn and Zn in bunches (fruits+peduncle and bunch weight with 293 samples. Data bank comprises information from plants of Grand Naine and Giant Cavendish cultivars growing in irrigated and non-irrigated areas, with different sources and

  10. Morfologia da flor, fruto e plântula de Victoria amazonica (Poepp. J.C. Sowerby (Nymphaeaceae Morphology of flower, fruit and seedling of Victoria amazonica (Poepp. J.C. Sowerby (Nymphaeaceae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sônia Maciel da Rosa-Osman

    2011-03-01

    Full Text Available Victoria amazonica (Poepp. J.C. Sowerby é uma hidrófita que ocorre nas várzeas de águas brancas e igapós da Bacia Amazônica e na Bacia do rio Paraguai. A morfologia da flor, fruto e plântula/"tirodendro" é objeto do presente trabalho. O material botânico foi coletado em Parintins e Manaus, estado do Amazonas, Brasil. A análise morfológica foi feita em material fresco e fixado em FAA 50. O desenvolvimento das plântulas foi realizado no escuro em frascos com água com teor reduzido de oxigênio. As flores possuem pedicelo longo e são hemicíclicas, diclamídeas, monoclinas e com antese vespertina. Os frutos são carnosos, indeiscentes, com pseudossincarpia. As sementes apresentam arilo que atua na dispersão pela água. As plântulas se desenvolvem em condições de hipoxia e apresentam um cotilédone exposto acicular. O "tirodendro" apresenta eofilos com heterofilia. As flores apresentam caracteres morfológicos básicos da família, a definição do tipo de fruto exige estudo ontogenético e a heterofilia é um caráter típico de plântulas/"tirodendros"de Nymphaeaceae.Victoria amazonica (Poepp. J.C. Sowerby is a hydrophyte that occurs in the white water leas and igapos of the Amazonian and Paraguay Basin. The flower, fruit and seedling/"tirodendro" morphology is the object of the present work. The botanical material was collected at Parintins and Manaus, Amazonian state, Brazil. The morphological analysis was made in both fresh and fixed material. The seedling development was accomplished in flasks with water containing little oxygen and maintained in the darkness. Flowers present long pedicel and they are hemicyclic, dichlamydeous, bisexual with vespertine anthesis. Fruits are fleshy, indehiscent with pseudo-syncarpy. Seeds present aril that acts in the water dispersion. Seedlings grow in hypoxy conditions and they present an acicular and exposed cotyledon. The "tirodendro" stage presents eophylls with heterophylly. Flowers

  11. MANUTENÇÃO DE FOLHAS ATIVAS EM BANANEIRA-'NANICÃO' POR MEIO DO MANEJO DAS ADUBAÇÕES NITROGENADA E POTÁSSICA E DA IRRIGAÇÃO IMPROVING LIFE SPAN OF THE BANANA LEAVES THROUGH NITROGEN AND POTASSIUM FERTILIZATION AND IRRIGATION

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    LUIZ ANTONIO JUNQUEIRA TEIXEIRA

    2001-12-01

    Full Text Available Realizou-se um experimento de campo, em Jaboticabal-SP, com o objetivo de estudar a resposta da bananeira (Musa AAA subgrupo Cavendish-'Nanicão' à adubação nitrogenada e potássica, sob irrigação e sequeiro, durante duas safras. Empregou-se o delineamento experimental de blocos ao acaso, com os tratamentos em parcelas subdivididas, sendo as parcelas principais constituídas por dois regimes hídricos: irrigado (microaspersão e sequeiro, e as subparcelas, pelas combinações de quatro doses de N (0; 200; 400 e 800 kg ha-1de N e quatro de K (0; 300; 600 e 900 kg ha-1de K2O. O bananal foi cultivado de acordo com as recomendações atuais, tomando-se cuidados especiais com o controle preventivo de sigatoca-amarela e com o manejo da irrigação. Por meio da análise do número de folhas ativas (>50% da área verde nas épocas da emissão da inflorescência (NFE e da colheita (NFC, do índice de durabilidade foliar (IDF=NFC¸NFE´100 e dos teores de N e K na folha-índice, avaliaram-se os efeitos da irrigação e da aplicação de doses crescentes de N e K sobre as condições das folhas. Nos dois ciclos de cultivo, houve efeito da adubação potássica e da irrigação sobre o estado das folhas (pA field experiment was carried out in São Paulo State, Brazil, with the objective of investigating the response of 'Nanicão' banana (Musa AAA Cavendish subgroup to nitrogen and potassium fertilization, under irrigated and non-irrigated conditions, during two crop seasons. A split-plot design was used with irrigation (micro-sprinkler and no irrigation applied to main plots and a combination of four rates of N (0, 200, 400 and 800 kg N ha-1 and K (0, 300, 600 and 900 kg K2O ha-1 as the sub-plots treatments. The area was managed according to regional recommendations; special attention was paid to disease control and irrigation management. The effects of treatments on life span of leaves were assessed counting leaves at flowering (NFE and at bunch

  12. Soil nutrient availability and its impact on fruit quality of Tahiti acid lime Disponibilidade de nutrientes no solo e impactos na qualidade de frutos da lima-ácida Tahiti

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Dirceu Mattos Junior

    2010-03-01

    Full Text Available The Tahiti acid lime in Brazil is mostly grown in the São Paulo State. The value of this crop production ranks among the ten most important fruits in the country. The Brazilian exports of Tahiti limes have increased in the last years with a corresponding increased demand for superior quality of fresh fruits, which is affected by mineral nutrients. Therefore, this study evaluated nutrient soil availability and its influence on nutritional status of trees based on the determination of leaf and fruit nutrient concentrations, fruit characteristics, and post harvest quality. Eleven commercial groves with trees older than 4-yr and differently managed were studied. Plots with six trees in each grove were sampled for soil (0-20 cm depth layer, leaf and fruit analyses with three replicates. Correlation coefficients were pair wised established for all variables. The results showed that N leaf concentration was well correlated with green color of fruit peel as measured by a color index (r = -0.71**, and which was optimum with Leaf-N around 22 g kg-1. Leaf-Ca was inversely correlated with fruit water loss after 14-day interval from harvest (r = -0.54* demonstrating that Ca plays an important role in Tahiti fruit shelf-life. Data also suggested that increased fruit K concentration correlated with increased fruit water losses during storage (r >0.58*.No Brasil, a lima-ácida Tahiti é produzida principalmente em São Paulo. O valor dessa produção situa-se entre as dez variedades de frutas mais importantes no País. As exportações brasileiras de Tahiti in natura aumentaram significativamente nos últimos anos e têm demandado frutas de qualidade superior. Essas características são afetadas pelos nutrientes minerais. Assim, o trabalho avaliou os efeitos da disponibilidade de nutrientes no solo, sua influência no estado nutricional das plantas e no teor desses nos frutos, e correlações sobre a qualidade de Tahiti, como maneira de criar subsídios para

  13. Colonização micorrízica e concentração de nutrientes em três cultivares de bananeiras em um latossolo amarelo da Amazônia central Arbuscular mycorrhizal colonization and nutrient concentration of three cultivars of banana on a central Amazonian oxisol

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Arlem Nascimento de Oliveira

    2003-01-01

    Full Text Available A adaptação das plantas à baixa fertilidade dos solos amazônicos é uma alternativa de baixo insumo que satisfaz à maioria dos produtores regionais. Essa adaptação pode estar relacionada às micorrizas arbusculares, que podem aumentar a capacidade das plantas em absorverem os nutrientes do solo. O estudo foi conduzido num plantio de bananeiras sobre um Latossolo amarelo na Faculdade de Ciências Agrárias (Fundação Universidade do Amazonas, objetivando verificar a colonização de fungos micorrízicos e teores de nutrientes foliares das cultivares de bananeira Maçã, Pacovan e Prata, durante três meses de avaliações (Dezembro/98, Janeiro e Fevereiro/99. Coletou-se amostras de raízes para avaliar as taxas de colonização e amostras foliares para verificar os teores de macro e micronutrientes. As médias da colonização radicular por fungos micorrízicos foram de 60,7% na cultivar Maçã, 55,2% na Pacovan e 53,6% na Prata. Na amostragem feita em dezembro de 1998, a cultivar Maçã apresentou menor colonização micorrízica (48,3% das raízes, do que a Pacovan (73,6% e Prata (67,8%. No mês de janeiro de 1999 essa situação se inverteu: a Maçã apresentou a maior colonização micorrízica (75,3% quando comparada com a da Pacovan (47,8% e Prata (40,3%. As cultivares não apresentaram diferenças entre si quanto às concentrações de P e Fe, mas houve uma variação significativa entre elas quanto aos teores de Ca, Mg, K, Zn, Cu e Mn. A colonização radicular por fungos micorrízicos correlacionou-se positivamente com os teores de Ca, K e Zn na cultivar Maçã e, Cu na cultivar Prata. Estas correlações positivas permitem inferir que a associação micorrízica foi importante no estímulo às absorções de Ca, K e Zn pela cultivar Maçã e Cu pela Prata nas bananeiras de cinco anos na fase de produção comercial.Plant adaptation to low fertility of Amazonian soils is a low input alternative which satisfies most of the

  14. Definição do posicionamento de sensores para monitoramento da água no solo em bananeira irrigada por diferentes sistemas de irrigação localizada Sensor placement for soil water monitoring in banana crop irrigated by drip irrigation systens

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eugênio F. Coelho

    2010-08-01

    Full Text Available O uso eficiente da água na irrigação localizada dependerá, além de outros fatores, também do correto monitoramento da água no solo. Portanto, este trabalho teve como objetivo caracterizar as zonas efetivas de comprimento de raízes e de extração de água, bem como indicar o correto posicionamento de sensores de água no solo para o manejo da irrigação por gotejamento na bananeira em fase de produção. No experimento, conduzido na Embrapa Mandioca e Fruticultura Tropical, foram estudados diferentes sistemas de irrigação localizada, diante dos seguintes tratamentos: T1 - dois emissores de 4 L h-1 por planta em uma lateral por fileira de plantas; T2 - quatro emissores de 4 L h-1 por planta em uma lateral por fileira de plantas; T3 - cinco emissores de 4 L h-1 por planta em faixa contínua com uma lateral por fileira. Pelos resultados obtidos, pode-se observar que as regiões mais adequadas para a instalação de sensores de umidade no solo nos tratamentos T1, T2 e T3 são as limitadas pelas distâncias e profundidades de 0,2 m e 0,4 m; 0,5 m e 0,35 m; 0,55 m e 0,35 m, respectivamente.The efficient use of water for drip irrigation will depend, among other factors, the correct monitoring of water in the soil profile. This work aimed to characterize root zones of effective root length and effective root water uptake and also to indicate the correct sensors location in the soil profile for drip irrigation management in banana crop during the production stage of the first cycle. The experiment was carried out at the Embrapa Cassava & Tropical Fruits, under different systems: T1 - one lateral per plant row with two 4 L h-1 emitters per plant; T2 - one lateral per plant row with four 4 L h-1 emitters per plant; T3 - one lateral per plant row as line source, with five 4 L h-1 emitters per plant. The results showed that the more appropriate regions for soil water sensor placement in treatments T1, T2 and T3, should correspond to zones limited

  15. Comportamento da força de desprendimento dos frutos de cafeeiros ao longo do período de colheita Behavior of the coffee fruit detachment force throughout the harvest period

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Flávio Castro da Silva

    2010-04-01

    Full Text Available A fim de se realizar a colheita seletiva do café de forma mais eficiente, quando são retirados preferencialmente os frutos maduros, é necessário que haja parâmetros objetivos para nortear a correta regulagem da colhedora em termos de vibração e velocidade operacional. Um possível parâmetro objetivo pode ser a força de desprendimento dos frutos de café. Para esta determinação foi necessário o desenvolvimento e construção de um dinamômetro portátil para a coleta dos dados de campo. Sua construção e calibração foi realizada no Laboratório de Protótipos do Departamento de Engenharia da UFLA. Os ensaios de força de desprendimento dos frutos foram realizados na Fazenda Capetinga, município de Boa Esperança na safra 2006/2007. As cultivares utilizadas nas avaliações foram: 'Mundo Novo IAC 376/4', 'Catuaí amarelo IAC 99' e 'Icatú IAC 3282', transplantadas no espaçamento 4,0 x 1,0 m com população média de 2,5 mil plantas por hectare. Os ensaios foram realizados com três repetições, utilizando-se o delineamento inteiramente casualizado (DIC dentro de uma mesma gleba, em parcelas aleatórias, contendo cinco plantas. Buscou-se levantar a força de desprendimento dos frutos de café na planta de acordo com a maturação dos frutos, sendo classificados para a determinação da força, os frutos verdes, cereja, passa e seco. Concluiu-se que há diferença significativa entre os estádios de maturação dentre as cultivares avaliadas. As cultivares 'Mundo Novo' e 'Catuaí' foram as que apresentaram menores valores médios de força de desprendimento. Foi possível correlacionar a força de desprendimento dos frutos, tratando-se de parâmetro objetivo, para determinar o grau de maturação da cultura.In order to carry out selective harvest of coffee more efficiently, in which ripe fruits are preferably picked, there must be objective parameters to guide the proper regulation of the harvester in terms of vibration and

  16. Substratos e fungo micorrízico arbuscular em mudas micropropagadas de bananeira na fase de aclimatação

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Trindade Aldo Vilar

    2003-01-01

    Full Text Available Visando a avaliar diferentes substratos na formação de mudas de bananeira e seu efeito na resposta da planta à inoculação do fungo micorrízico Gigaspora margarita, foi conduzido um experimento em estufa de aclimatação da Biofábrica CAMPO - CPA/Embrapa Mandioca e Fruticultura, Cruz das Almas, Bahia. Foram testados 13 substratos, com e sem inoculação do fungo, em plântulas na fase de aclimatação. A inoculação foi realizada no momento do transplante e, após 55 dias de cultivo, obtiveram-se dados de crescimento, nutrição mineral e colonização micorrízica. O fungo micorrízico arbuscular (FMA Gigaspora margarita colonizou intensamente e mostrou-se benéfico para o desenvolvimento das mudas de bananeira, sendo o seu efeito modulado pelo substrato de crescimento; o substrato turfa + vermiculita + 5% de esterco destacou-se entre os melhores para a formação de mudas normais e sadias, mas só quando associado à inoculação do FMA; o uso de substrato comercial Rendmax Citrus promoveu o melhor desenvolvimento das mudas, mas inibiu a colonização e o efeito da micorriza; a complementação mineral do Rendmax Citrus não se mostrou necessária para o cultivo de mudas de bananeira; o uso de vermicomposto mostrou-se promissor para a produção de mudas de bananeira, permitindo o efeito da inoculação com FMA.

  17. ASPECTOS LABORATORIAIS DA INTOXICAÇÃO EXPERIMENTAL DE BO-VINOS PELOS FRUTOS DE Stryphnodendron Fissuratum MART.(“ROSQUINHA”

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Victor de Queiroz Ferreira

    2006-10-01

    Full Text Available O presente trabalho aborda algumas alterações laboratoriais relacionadas com o hemograma e a bioquímica sangüínea de quinze bovinos, machos mestiços, com idade entre dez e quatorze meses, pesando entre 96 e 214 kg, intoxicados experimentalmente pelos frutos de Stryphnodendron fissuratum Mart. (“rosquinha” em doses únicas de 30g/kg, 20g/kg e 10g/kg. Todos os animais que ingeriram os frutos adoeceram e morreram. Os leucogramas apresentaram aumento dos leucócitos totais, neutrófilos e monócitos com diminuição dos eosinófilos e linfócitos. O número de hemácias, a concentração de hemoglobina e o hematócrito também se elevaram. Houve maior aumento para a aspartato aminotranferase (AST e aumentos moderados para a creatina quinase (CK egamaglutamiltransferase (GGT. Incrementos também foram observados nos níveis de uréia, bilirrubina e creatinina. Os valores de proteínas totais não se alteraram. PALAVRAS-CHAVE: Bovinos, plantas tóxicas, Stryphnodendron fissuratum

  18. Composição centesimal do fruto, extrato concentrado e da farinha da uva-do-japão Chemical composition of fruit, concentrated extract and flour from "Japanese grape"

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marlene Bampi

    2010-11-01

    Full Text Available A Hovenia dulcis, mais conhecida como uva-do-japão, pertence à família Rhamnaceae, é natural da China, Japão e Coréia, sendo largamente difundida no sul do Brasil. Rica em açúcares e bem aceita para consumo humano, pode ser consumida in natura ou processada. Não há na literatura relatos de seu aproveitamento em produtos alimentícios. O presente trabalho teve por objetivo determinar a composição centesimal do fruto, do extrato concentrado e da farinha. Foram obtidos teores em torno de 54,08, 52,44 e 19,08g 100g-1 para umidade; 2,16, 4,09 e 4,48g 100g-1 para cinzas; 3,74, 2,77 e 5,73g 100g-1 para proteína bruta; 1,42, 0,37 e 1,82g 100g-1 para extrato etéreo; 12,56, 3,33 e 25,62g 100g-1 para fibra alimentar; 19,46, 37,34 e 42,53g 100g-1 para açúcares totais, além do valor calórico de 105,56, 165,14 e 216,09kcal 100g-1, respectivamente, em fruto, extrato concentrado e farinha. A quantificação por cromatografia líquida confirmou o conteúdo dos açúcares redutores (frutose, 6,15g 100g-1 e glicose, 6,57g 100g-1 superior ao teor de açúcares não redutores no fruto (sacarose, 3,56g 100g-1. A farinha é rica em açúcares e possui elevado teor de fibra alimentar, podendo ser utilizada como um ingrediente alternativo em produtos de panificação. Em termos sensoriais, o extrato concentrado obteve um índice de aceitabilidade de 82% entre os julgadores, apresentando bom potencial para elaboração de geleias.Hovenia dulcis, whose popular name is Japanese grape, belongs to the family Rhamnaceae, native of China, Japan and Korea, is widely distributed in southern Brazil. Rich in sugar and with good acceptance for human consumption it can be consumed fresh or processed. There are no literature reports of its use in food products. The aim of this study was to determine the chemical composition of the Japanese grape fruit, concentrated extract and flour. The contents for moisture (54.08, 52.44 e 19.08g 100g-1, ash (2.16, 4.09 e 4.48g

  19. Produção comercial de cultivares de alface em Bananeiras Marketable production of lettuce cultivars in Bananeiras, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Djail Santos

    2011-12-01

    Full Text Available Um aspecto importante na escolha de cultivares para uma determinada condição ambiental é a determinação da produção comercial, que indica o potencial de produção por área. O objetivo do trabalho foi avaliar a produção comercial de cultivares de alface nas condições de solo e clima de Bananeiras, Paraíba, durante a estação chuvosa. Foram avaliadas oito cultivares (Cindy, Elba, Grand Rapids, Kaesar, Mimosa, Sabrina, Summer Green e Verônica, no delineamento experimental de blocos casualizados, com quatro repetições. As parcelas tinham 27 plantas, espaçadas de 30 cm entre fileiras e entre linhas. Aos 51 dias após o transplante, as plantas foram colhidas e avaliadas quanto à massa fresca total e comercial, massa seca de folhas, número de folhas, diâmetro da planta, índice comercial e produção comercial. Os maiores valores de massa fresca total e comercial, de diâmetro da planta e produção comercial foram verificados para a cultivar Kaesar. Quanto à massa seca, 'Kaesar' e 'Elba' apresentaram os valores mais elevados. Os maiores números de folha foram obtidos com 'Mimosa', 'Elba', 'Sabrina' e 'Summer Green'. As cultivares Grand Rapids, Verônica e Kaesar mostraram-se mais suscetíveis à septoriose, principalmente nas folhas mais velhas. Considerando-se os resultados e a preferência dos consumidores, 'Kaesar' e 'Summer Green' foram as mais promissoras para introdução e testes em áreas de produção comercial de alface.An important issue when choosing cultivars for specific environmental conditions is to estimate the marketable production, which indicates the potential production per area. The objective of this study was to evaluate the marketable production of lettuce cultivars under the soil and climatic conditions of Bananeiras, Paraíba, Brazil, during the rainy season. The experiment was carried out as a complete randomized blocks design with eight cultivars (Cindy, Elba, Grand Rapids, Kaesar, Mimosa, Sabrina

  20. Morphological characterization of fruits, seeds and phases of germination Pachira aquatica Aubl. (Bombacaceae Caracterização morfológica de frutos, sementes e fases da germinação de Pachira aquatica Aubl. (Bombacaceae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Riselane de Lucena Alcântara Bruno

    2012-06-01

    ísticas externas: dimensões, cor, textura, consistência, forma, posição do hilo e da micrópila. Para as características internas, verificou-se a presença ou ausência de endosperma e tipo de embrião. Os frutos de P. aquatica são cápsulas semi-lenhosas, deiscentes, formato geralmente ovalado, alguns são arqueados e com fendas longitudinais no pericarpo, sendo constituídos por cinco septos, polispérmicos e coloração castanho-escura. As sementes variam de reniformes a angulosas, possuem grande quantidade de endosperma e estão inseridas no eixo central do fruto. A germinação é do tipo epígea fanerocotiledonar, com início no oitavo dia e podendo ser encerrada no 15° dia após semeadura.

  1. Adubação mineral, adubação orgânica e calagem na cultura da bananeira no litoral de Santos - Estado de São Paulo Banana fertilizing experiments at the coast of São Paulo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João Ferreira da Cunha

    1963-01-01

    Full Text Available São apresentados os resultados de ensaios de adubação da bananeira com fertilizantes químicos e orgânicos (sob a forma de tortas oleaginosas e com calagem, obtidos em solo argiloso, comumente usado na cultura dessa planta na região do litoral do Estado de São Paulo. Os ensaios foram efetuados no sítio Trindade, Município de Santos. Os ensaios com adubos químicos foram feitos em três séries, com quatro níveis dos elementos N, P e K. Os resultados mostraram que quando os adubos foram aplicados isoladamente, os seus efeitos foram pràticamente nulos. Quando usados juntamente com doses duplas dos outros dois adubos, houve, em todos os casos, aumento linear de produção. Há indicação de que maiores aumentos de produção poderão ser obtidos se forem usadas dosagens mais elevadas do que as aplicadas nos ensaios. O ensaio com tortas de algodão e de mamona revelou sensível aumento de produção com a aplicação dêsses adubos. Os resultados obtidos com os dois tipos de torta parecem demonstrar que não existem diferenças expressivas entre êles. O exame das produções obtidas com a calagem do solo, utilizando-se carbonato de cálcio, revelou que não houve nenhum aumento de produção resultante da aplicação desse tratamento.This paper reports about the results of banana fertilizing experiments conducted in the coastal region of the State of São Paulo on a farm near Santos. These experiments on clay soil - as is common for cultures with this plant - were carried out by using chemical fertilizer, organic fertilizer (oil seed meals and lime. It was observed that with the application of each element of the mineral N, P and K, isolatedly, its effect was none. However, applied m combination with double dosing of the other two fertilizers, the yields increased invariably and regularly in an ascending way. The experiment with oil seed meals revealed a sensible increase in production, though no appreciable difference was observed

  2. Seleção de híbridos diplóides (AA de bananeira com base em três índices não paramétricos Selection of (AA diploid banana hybrids using three non-parametric indices

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lauro Saraiva Lessa

    2010-01-01

    Full Text Available Objetivou-se selecionar híbridos diplóides (AA de bananeira com base em três índices não paramétricos, a fim de orientar a seleção e aumentar o aproveitamento da variabilidade existente no Banco de Germoplasma de Bananeira da Embrapa Mandioca e Fruticultura Tropical. Foram avaliados 11 híbridos, no delineamento de blocos ao acaso, com quatro repetições. As parcelas constituíram-se de seis plantas, espaçadas de 2,5 m x 2,5 m, tendo na bordadura plantas da cultivar Pacovan. Tomaram-se dados dos seguintes caracteres: altura da planta, diâmetro do pseudocaule, número de filhos na floração, número de folhas na floração, ciclo da planta do plantio à emissão do cacho, presença de pólen, número de pencas, número de frutos, comprimento do fruto e resistência à Sigatoka-amarela. As médias desses 10 caracteres foram empregadas no cálculo dos índices multiplicativos, de soma de classificação e da distância genótipo-ideótipo. Os dois híbridos de melhor desempenho geral, o SH3263 e o 1318-01, foram classificados, respectivamente, em primeiro e segundo lugares pelos índices multiplicativos e de soma de classificação, enquanto o índice da distância genótipo-ideótipo os classificou em primeiro e quarto lugares respectivamente. Embora os três índices tenham demonstrado uma boa correspondência entre o desempenho geral dos híbridos e a sua classificação, os índices multiplicativo e de soma de classificação propiciaram classificação mais adequada desses híbridos.The objective of the present study was to select diploids (AA hybrids of banana based on three non-parametric indices as to guide the selection and increase the use of the variability present in the Banana Germplasm Bank of Embrapa Cassava and Tropical Fruits. Eleven hybrids were evaluated in random blocks with four replicates. The plots consisted of six plants spaced 2.5 m x 2.5 m whereas the border rows were from the Pacovan cultivar. The following

  3. Avaliação de genótipos de bananeira à Colletotrichum musae em pós-colheita Evaluation of genotypes of banana to Colletotrichum musae in postharvest

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Danilo Batista Pinho

    2010-09-01

    Full Text Available Alguns hibridos tetraploides apresentam resistência à antracnose, porém são reduzidas as informações sobre os níveis de resistência desses genótipos e o comportamento dos mesmos no Brasil. O objetivo do presente trabalho foi avaliar a incidência e a severidade de antracnose sobre o comportamento de diferentes genótipos de bananeiras resistentes a Sigatoka-Negra em função de diferentes concentrações de conídios de Colletotrichum musae em diferentes épocas de avaliação. Os frutos colhidos no estádio de maturação fisiológica dos genótipos, Thap Maeo, Caipira, Pacovan Ken, Ambrosia, PV 42-53, PA 42-44, FHIA 01, FHIA 18 e a cultivar Prata-Anã utilizada como testemunha. Buquês contendo três frutos foram atomizados com diferentes concentrações (0; 10²; 10³; 10(4; 10(5 e 10(6 conídios/mL de C. musae. Os frutos foram incubados a 25 ºC. A incidência e severidade da antracnose foi avaliada aos 3; 6; 9 e 12 dias após a inoculação. Foi utilizado o delineamento inteiramente casualizado, em esquema fatorial 9x6x4 (genótipos, concentrações de esporos e épocas de avaliação, com quatro repetições, contendo quatro buquês de três frutos. Aos doze dias de avaliação, todos os frutos de todos os genótipos estudados apresentaram incidência de C. musae quando inoculados com as diferentes concentrações de inóculo. A cultivar Thap Maeo apresentou a menor severidade (27,5% de antracnose, enquanto os genótipos Ambrosia, PV 42-53, FHIA 18 e FHIA 01 foram as mais suscetíveis à antracnose com 64%, 64%, 61,33% e 58% de severidade, respectivamente.Some tetraploides hybrids present resistance to anthracnose, however the information on the levels of resistance of these genotypes and the behavior in Brazil are reduced. The aim of this study was to evaluate the incidence and severity of injury on the behavior of different banana genotypes resistant to Black Sigatoka for different concentrations of conidia of Colletotrichum

  4. Phytophthora palmivora, agente da podridão de raiz e frutos de mamoeiro no Estado de Alagoas Phytophthora palmivora, causal agent of root and fruit rots of papaya in the State of Alagoas, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliana Paiva Carnaúba

    2006-04-01

    Full Text Available O mamoeiro (Carica papaya é uma das mais importantes fruteiras tropicais, e seus frutos contribuem com uma produção de 1,65 milhão de toneladas por ano para o Brasil. Um isolado de Phytophthora sp. obtido de frutos de mamoeiro da cultivar Havaí, em Alagoas, foi caracterizado morfologicamente e sua patogenicidade foi confirmada em frutos e mudas deste hospedeiro. Em meio suco V-8, os esporangióforos apresentaram-se delgados, simples ou pouco ramificados, enquanto os esporângios se apresentaram ovóides a elipsóides, proeminentemente papilados e um pedicelo curto na porção basal, medindo em média 37,68 x 27,52 mm. Através das características apresentadas pelo isolado e os sintomas induzidos, o agente causal foi identificado como Phytophthora palmivora. Apesar de essa doença já ocorrer em outros estados, como Bahia, Espírito Santo, São Paulo, Pernambuco e Pará, este é o primeiro relato de Phytophthora palmivora em mamoeiro no Estado de Alagoas.The papaya (Carica papaya is one of the most important tropical fruit crops and its fruit contribute with a production of 1.65 millions tons/year in Brazil. An isolated of Phytophthora sp. gotten from papaya fruits cv. Hawaii, in the state of Alagoas, was characterized morphologically and its pathogenicity to this fruits and seedling was confirmed. In a V-8 medium, the sporangiophores presented to be slim, simple or little ramified, while the sporangia presented ovoid to ellipsoid, prominently papillae and one short pedicel in the basal portion, measuring in average 37,68 x 27,52 (m. Through the characteristics presented by the isolated and the induced symptoms, the causal agent was identified as Phytophthora palmivora. Despite of this disease already occurring in other states like in Bahia, Espirito Santo, São Paulo, Pernambuco and Pará, this is the first report of Phytophthora palmivora on papaya in the state of Alagoas, Brazil.

  5. Caracterização física e química dos frutos da umbu-cajazeira (Spondias spp em cinco estádios de maturação, da polpa congelada e néctar Physical and chemical characterization on the fruits of umbu-cajazeira (Spondias spp in five ripening stages, frozen pulp and nectar

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    ELIZA DOROTEA POZZOBON DE ALBUQUERQUE LIMA

    2002-08-01

    Full Text Available A umbu-cajazeira, no Brasil, apresenta boas potencialidades de cultivo e perspectivas de comercialização, o que objetivou este trabalho de avaliação da qualidade física e química dos frutos em cinco estádios de maturação classificados de acordo com o grau de cor da casca descritos como: fruto totalmente verde (1FTV, frutos com início de pigmentação (2FIP, frutos parcialmente amarelos (3FPA, frutos totalmente amarelos (4FTA, frutos totalmente amarelo-alaranjados (5FTAA, da polpa congelada e do néctar. As variáveis estudadas foram os atributos físicos: peso, diâmetro longitudinal, diâmetro transversal e rendimento em polpa, e químicos: vitamina C, acidez total titulável sólidos solúveis totais, pH e a relação sólidos solúveis totais/acidez total titulável. Os frutos, no estádio de maturação comercial (4FTA, apresentaram os seguintes valores mé ;dio: rendimento de polpa de 55,75%; pH de 2,08; SST de 11,25 °Brix; ATT de 1,77 g de ácido citrico/100g de polpa; SST/ATT de 6,39 e teor de vitamina C total de 17,75 mg/100g. A polpa congelada e o néctar mantiveram-se em condições estáveis em relaç ;ão ao pH, SST, ATT e SST/ATT, durante 60 dias de armazenamento. Quanto ao teor de vitamina C total, a polpa congelada apresentou um decréscimo signi ficativo, o que não ocorreu com o néctar.In Brazil some tropical fruits present great potential for cultivation and perspective of commercialization, one of them is the "umbu-cajazeira". A research has been developed aiming to measure the physical and chemical quality of the frozen pulp and the nectar obtained from "umbu-cajazeira" fruits, which were classified in distinct maturation stages. The fruits were divided according to shell colour in five groups: fruit completely green (1FCG, fruit starting to change shell's colour (2FSCC, fruit partially yellow (3FPY, fruit totally yellow (4FTY, fruit totaly orange-like yellow. The variables analysed comprised the physical

  6. Agronomic characteristics of 'Prata-anã' and 'Maçã' bananas micropropagated Desempenho agronômico de bananeiras ''Prata-anã e 'Maçã' micropropagadas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luís Henrique Mariano Scandelai

    2006-04-01

    Full Text Available The experiment evaluated the agronomic characteristics of 'Prata-anã' and 'Maçã' banana plants, in the São Manuel region of São Paulo state. In the first crop cycle, the number of days from planting to inflorescence and from inflorescence to harvest; the number of shoots until the appearance of inflorescence and during the harvest period; active leaves number at inflorescence appearance and during the harvest period. Were evaluated yield parameters: like average weight of bunch, hand, rachis and fruit; average fruit number per hand and bunch; average fruit diameter and length. Incidences of plague diseases, as well as their severity were also evaluated. Delineation was totally at random, with 2 treatments, 15 replications and 5 useful plants per experimental plot. Both cultivars were characterized by values of descriptive average statistics and standard deviation, for characteristic interests. Number of days from planting to harvest was similar for both 'Prata-anã' and 'Maçã', 574 and 567 days respectively. Banana plants showed good phytosanitary quality throughout the whole cycle.O experimento foi instalado com o objetivo de estudar o desempenho agronômico de cultivares de bananeira Prata-anã e Maçã, na região de São Manuel-SP. Foram avaliadas as seguintes características de desenvolvimento, no primeiro ciclo de produção: número de dias do plantio à floração e da mesma à colheita, número de rebentos (filhos emitidos até o surgimento da inflorescência e na época da colheita, número de folhas ativas na época do aparecimento da inflorescência e da colheita, e características de rendimento, como peso médio do cacho, ráquis, penca e fruto, número médio de frutos por penca e cacho, comprimento e diâmetro médio dos frutos. Também foi avaliada a incidência de pragas e doenças. Foi empregado o delineamento inteiramente casualizado, com 2 tratamentos, 15 repetições e 5 plantas úteis por parcela experimental. As

  7. Composição química, propriedades mecânicas e térmicas da fibra de frutos de cultivares de coco verde Chemical composition, thermal and mechanical properties for cultivars of immature coconut fibers

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elisângela Corradini

    2009-09-01

    Full Text Available O consumo da água de coco verde, in natura ou industrializada, vem gerando um grande problema ambiental, devido ao destino final da casca dos frutos. Aproximadamente 85% do peso bruto do coco verde é constituído pelas cascas, que são acumuladas em lixões ou às margens de estradas. Como a minimização da geração desse resíduo implicaria a redução da atividade produtiva associada, o seu aproveitamento torna-se uma necessidade. Neste sentido, este estudo teve como objetivo investigar as características da fibra de coco verde de diversos cultivares em função do ponto de colheita dos frutos, na composição química, nas propriedades mecânicas e térmicas, como forma de contribuir para avaliar seu potencial de aplicação na elaboração de novos materiais. Os resultados mostraram que a variação da composição química em função da cultivar de coco verde foi na faixa de 37,2 ± 0,8% a 43,9±0,7% e de 31,5±0,1% a 37,4±0,5% para os teores de lignina e celulose, respectivamente. A composição química não variou significativamente em função do ponto de maturação para a fibra da cultivar Anão-Verde-de-Jiqui (AVeJ. A fibra de cultivares de coco verde e AVeJ em diferentes pontos de maturação apresentaram propriedades térmicas e mecânicas semelhantes, as quais são próximas das propriedades das fibras de coco maduro, demonstrando, portanto, um potencial equivalente para serem utilizadas como reforço em matrizes poliméricas.The consumption of water of green coconut in natura or industrialized has generated a large amount of residues that are disposed in landfills or in roadside. The husks residues correspond to around 85% of the weight of the fruit and present slow decomposition process. This environmental problem requires alternative solutions. In order to assessing to potential of the immature (green coconut fibers to be used as reinforcement material in polymer matrices, the chemical composition, thermal and mechanical

  8. Avaliação do ciclo e produção da planta-filha em função do manejo da planta-mãe em diferentes épocas do ano em bananeira Prata-Anã Evaluation of cycle and production of sucker plant in function of mother plant management in banana tree 'Prata Anã´

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Egídio Flori

    2008-06-01

    Full Text Available Objetivou-se, neste trabalho, avaliar o efeito do manejo da planta-mãe e da época de seleção das plantas-filha de bananeira 'Prata-Anã´ (Musa spp. na produção e no período de desenvolvimento da planta-filha. Utilizou-se um bananal comercial com cinco anos de idade, plantado no espaçamento de 3,5 m x 2,0 m. O delineamento foi inteiramente casualizado no esquema de parcelas subdivididas, com três repetições. Os tratamentos nas parcelas foram: manejo 1 (M1 - família conduzida sem a planta-mãe, a qual foi retirada logo após a sua floração; manejo 2 (M2 - família conduzida com planta-mãe (manejo convencional. As subparcelas corresponderam a doze épocas de seleção das plantas-filha, selecionadas no estádio de chifrão, iniciando em fev./02 e finalizando em jan./03. As características avaliadas foram: a período de desenvolvimento da planta-filha (período em dias entre a data de seleção da planta-filha e a sua colheita; b massa do cacho das plantas-filha. Diante dos resultados obtidos concluiu-se: o manejo da planta-mãe não influenciou a massa do cacho da planta-filha; o manejo da planta-mãe alterou o período de desenvolvimento da planta-filha, sendo esse menor naquelas conduzidas sem a planta-mãe (M1; a época de seleção influenciou a massa do cacho e o período de desenvolvimento da planta-filha.The objective of this study was to evaluate the effect of managing banana mother plants and time of selection of sucker on their productive characteristics, using the cultivar 'Prata Anã´ (Musa spp. genomic group AAB. The crop was planted in March 1997, spaced by 3.5 m x 2.0 m. An experimental area of 2.1 hectares was demarcated in February 2002. A split-plot design was used incorporating a completely random design with three replications. The plots consisted of five plants submitted to two managements: M1 - hill managed without the mother plant, which was removed right after flowering; M2 - hill managed with the mother

  9. Desempenho de bananeiras consorciadas com leguminosas herbáceas perenes Banana plant performance intercropping with perennial herbaceous legumes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriano Perin

    2009-12-01

    Full Text Available O emprego de plantas de cobertura em consórcio com bananeiras pode ser uma estratégia de manejo, possibilitando aumentos de produtividade associados à otimização de processos biológicos e maior estabilidade do sistema produtivo. Neste trabalho, objetivo-se avaliar o efeito da cobertura viva, formada por leguminosas herbáceas perenes sobre a produção de bananeira cultivar Nanicão. Os tratamentos foram: amendoim forrageiro (Arachis pintoi Krap. & Greg, cudzu tropical (Pueraria phaseoloides Benth., siratro (Macroptilium atropurpureum Urb., vegetação espontânea (dominada por Panicum maximum Jacq. e vegetação espontânea + N-fertilizante. Foi avaliado o desenvolvimento vegetativo das bananeiras entre abril/1999 e julho/2000 e os atributos de produtividade. O peso do cacho e da penca foram positivamente influenciados pelo siratro e cudzu tropical empregados como coberturas vivas, quando comparados aos demais tratamentos. Todas as leguminosas proporcionaram maior crescimento das bananeiras (notadamente a partir do 6º mês, maior número de folhas emitidas e maior proporção de cachos colhidos, em relação aos tratamentos com vegetação espontânea (com e sem N-fertilizante. As leguminosas siratro e cudzu tropical promoveram condições adequadas ao desenvolvimento das bananeiras, acarretando ganhos de produtividade e eliminação da adubação nitrogenada no bananal. O potencial benéfico das leguminosas cudzu tropical e siratro como coberturas vivas capazes de proporcionar aumentos na produtividade de banana, qualifica essas espécies como alternativa promissora para a fertilidade do solo e nutrição das bananeiras.The use of coverage plants in cover cropping with bananas can be a management strategy, increasing in productivity associated with the optimization of biological processes and greater stability of production system. The objective of this work was to evaluate the effect of live coverage by herbaceous perennial legume on

  10. Caracterização morfológica e avaliação de cultivares de bananeira resistentes a Sigatoka Negra (Mycosphaerella fijiensis Morelet no sudoeste goiano Morphologic characterization and evaluation of banana cultivars resistant to the Black Sigatoka disease (Mycosphaerella fijiensis Morelet in the Southwest of the State of Goiás, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Silvia Correa Santos

    2006-12-01

    Full Text Available Cinco cultivares de bananeira resistentes a Sigatoka Negra foram cultivadas na área experimental da Universidade Federal de Goiás, no município de Jataí, localizado na região Sudoeste do Estado. O objetivo foi introduzir genótipos resistentes a Sigatoka Negra no Estado, bem como fazer a caracterização morfológica desses materiais nessas condições climáticas. O trabalho foi realizado por meio da avaliação, em três ciclos produtivos, dos seguintes componentes de produção: intervalo em dias entre o plantio e o florescimento, número de folhas no florescimento e na colheita, número de pencas por cacho, frutos por cacho e frutos por penca, comprimento do cacho e dos frutos e peso do engaço, das pencas e do cacho. As cultivares falsa FHIA-18 e Caipira produziram em média aos 393 dias, apresentando maior precocidade em relação às demais cultivares. Como era esperado, a FHIA-21, que é uma bananeira tipo Terra, apresentou um ciclo maior (488 dias. O clima e a altitude de Jataí-GO podem ter contribuído para o aumento do ciclo das cinco cultivares quando comparado com outras regiões. Para as características de produção, a FHIA-01 e a falsa FHIA-18 se destacaram das demais. Para o número de pencas, a Thap Maeo se destacou nos três ciclos, mostrando a característica deste genótipo. As maiores alturas na floração foram observadas nas cultivares FHIA-21 e Thap Maeo, que também foram as que mais sofreram com os efeitos do vento.Five banana cultivars resistant to the Black Sigatoka Disease were grown at the experimental field of the Universidade Federal de Goiás (UFG, located in the Southwest region of the State of Goiás (Brazil. This work aimed the introduction of Black Sigatoka resistant cultivars as well as the characterization of the morphological aspects of such cultivars at that climatic region. The following characteristics were evaluated, in the first three cycles: days between planting and flowering, leaf number at

  11. Mathematical modelling of the drying of jatropha fruit: an empirical comparison Modelagem matemática da secagem dos frutos de pinhão-manso: uma comparação empírica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Valdiney Cambuy Siqueira

    2013-06-01

    forçada em cinco condições de temperatura: 45; 60; 75; 90 e 105 ºC e umidades relativas de 14,5; 7,4; 3,8; 2,2 e 1,4%, respectivamente, até atingirem o teor de água de 0,10 ± 0,005 (kg de água kg-1 de matéria seca em três repetições. Aos dados experimentais da secagem foram ajustados dez modelos matemáticos utilizados para representação da secagem dos produtos agrícolas. Os modelos foram analisados por meio do coeficiente de determinação, do qui-quadrado, do erro médio relativo, do erro médio estimado e da distribuição de resíduos. Conclui-se que, o modelo de Page descreve satisfatoriamente a cinética de secagem dos frutos de pinhão-manso nas temperaturas de 60; 75; 90 e 105 ºC. No entanto, para a secagem na temperatura de 45 ºC ocorreu um comportamento diferenciado sendo necessário um ajuste de um novo modelo para a descrição do fenômeno.

  12. Production costs and fruit yield profitability in the initial harvest of custard apple trees Custo de produção e lucratividade da produção de frutos de inheiras nas primeiras safras

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Frederico Silva Thé Pontes

    2008-12-01

    Full Text Available The aim of this study was to estimate the production cost and economic indicators associated with the production and sales of fruits from 20 custard apple progenies during the initial five harvests, in order to identify the harvest season from which custard apple exploitation becomes profitable, as well as the most promising progenies from an economic point of view. The fruit yield data upon which the present work was based were obtained during the period from 2001 to 2005, in an experiment that evaluated 20 custard apple half-sibling progenies, under sprinkler irrigation. The progenies were evaluated in a random block design with five replicates and plots consisting of four plants each. The exploitation of custard apple progenies only showed to be a profitable agribusiness after the fourth year. Before that, only A3 and A4 progenies in the second year, and P3 and P11 in the third year provided profitable incomes. Considering the methodological assumptions imposed concerning the time period analysis and the prices as of July 2007, the most important profitability indicators (operating profit, return index and equilibrium price evidenced that the A4 progeny is the most recommended, although other progenies are also highlighted, such as FJ1 and FJ2. As already discussed, the progenies showing the highest average yields of five harvests are not always the most economically recommendable ones.O presente trabalho tem como objetivo estimar o custo de produção e indicadores econômicos, relativos à produção e comercialização de frutos de 20 progênies de pinheiras, nas cinco primeiras safras, visando a identificar a safra a partir da qual a exploração da pinheira é lucrativa e as progênies mais promissoras, do ponto de vista econômico. Os dados de rendimentos de frutos em que se baseou o presente trabalho, foram obtidos no período de 2001 a 2005, em um experimento de avaliação de 20 progênies de meias-irmãs de pinheira, com irriga

  13. Impactos das mudanças climáticas na demanda de irrigação da bananeira na Bacia do Jaguaribe Impact of climate change on irrigation requirement of banana in Jaguaribe river Basin, Ceará, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rubens S. Gondim

    2011-06-01

    Full Text Available As mudanças climáticas têm potencial de alterar os processos do ciclo hidrológico, tais como precipitação, que afeta o escoamento superficial, temperatura e umidade relativa do ar devido à sua estreita relação com evaporação e vazão em corpos hídricos e evapotranspiração das plantas. O objetivo do presente trabalho foi analisar os impactos das mudanças climáticas na necessidade hídrica da cultura da bananeira, considerando-se cenários de mudanças climáticas em escala local, em nível de bacia hidrográfica (rio Jaguaribe, no trecho compreendido entre as barragens do Castanhão e de Itaiçaba. Um conjunto composto de uma baseline (climatologia de base do modelo de 1961-1990 e de projeções climáticas, foi processado. Os dados foram então extraídos considerando-se as coordenadas geográficas da região em estudo, com resolução de 0,44 x 0,44º, a fim de abranger toda a área. Estimou-se a evapotranspiração de referência (ETo através de dados da temperatura média mensal e se projetou uma elevação na necessidade hídrica bruta média anual para 2040 com relação às condições iniciais, de 1.989 mm para 2.536 mm e 2.491 mm (27,50 e 25,24% para os cenários A2 e B2, elaborados pelo Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas, respectivamente.Climate change has a potential to impact hydrologic cycle processes, such as rainfall, which affect run-off, temperature and air humidity that have relationship to evaporation over water bodies and plant evapotranspiration. The purpose of this study was to assess impacts of climate change on irrigation water demand of banana, at the river basin level (Jaguaribe river, between Castanhão and Itaiçaba Dams. A climate data set was generated by a climate model for 1961-90 (baseline and the future. The output climate data has been generated, considering a georreferenced coordenated system of the study area in a 0.44 x 0.44º resolution, generating spatial distribution output

  14. Desenvolvimento vegetativo, produção e qualidade de frutos da tangerina 'Fremont' sobre quatro porta-enxertos Growth, yield and fruit quality of 'Fremont' mandarin on four rootstocks

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Erick Espinoza Núñez

    2007-08-01

    Full Text Available Com o objetivo de avaliar o desenvolvimento vegetativo, produção e qualidade de frutos da tangerina 'Fremont' (C. clementina Hort. ex Tan. X C. reticulata Blanco sobre os porta-enxertos limão 'Cravo' (C. limonia Osbeck, citrumelo 'Swingle' (P. trifoliata Raf. x C. paradisi Macf., tangerina 'Cleópatra' (Citrus reshni Hort. ex Tan. e tangelo 'Orlando' (C. reticulata Blanco x C. paradisi Macf., foi instalado um experimento em Bebedouro-SP, em 1997. Embora diferenças na produção tenham sido registradas em função dos porta-enxertos, nos anos de 2003 a 2005, a produção acumulada nas safras de 2000 a 2006 não revelou influência dos mesmos. Os valores do índice de alternância de produção e eficiência de produção não foram influenciados pelos porta-enxertos. O teor de sólidos solúveis, bem como acidez total foram superiores nos frutos das plantas enxertadas sobre citrumelo 'Swingle' e tangerina 'Cleópatra'. Os valores de volume da copa e diâmetro do tronco foram superiores nas árvores sobre tangelo 'Orlando' e tangerina 'Cleópatra'.An experiment was installed in Bebedouro, SP, Brazil in 1997, with the aim of evaluate the effect of the rootstocks 'Rangpur' lime (C. limonia Osbeck, 'Swingle' citrumelo (P. trifoliata Raf. x C. paradisi Macf., 'Cleopatra' mandarin (Citrus reshni Hort. ex Tan. and 'Orlando' tangelo (C. reticulata Blanco x C. paradisi Macf. on plant growth, yield and fruit quality of 'Fremont' mandarin (C. clementina Hort. ex Tan. X C. reticulata Blanco. Despite that differences in yield have been registered related to the rootstocks between 2003 to 2005; cumulative yield from 2000 to 2006 seasons was not affected by the rootstock. Alternate bearing index and yield efficiency values were not influenced by the rootstocks. Fruits from trees on 'Swingle' citrumelo and 'Cleópatra' mandarin had higher values of total soluble solids concentration and total acids. Trunk diameter and canopy volume values were higher in

  15. Estudio transcriptómico de los mecanismos implicados en la tolerancia inducida por el curado al daño de frío y por el etileno al colapso de la corteza en los frutos cítricos

    OpenAIRE

    Establés Ortiz, Beatriz A.

    2008-01-01

    Muchos productos hortofrutícolas desarrollan 'daños de frío' durante la conservación a temperaturas inferiores a 12-15 ºC. El tratamiento de 'curado' (3 días 37 ºC) previene la aparición de esta alteración en los frutos cítricos cuando se conservan a 2 ºC. En la mandarina 'Fortune', muy susceptible al frío, los daños se manifiestan como un picado y áreas de color pardo en la parte más externa de la corteza (flavedo). Otra de las alteraciones frecuentes en la postcosecha de los frutos cítricos...

  16. ASPECTOS CLÍNICOS DA INTOXICAÇÃO EXPERIMENTAL DE BOVINOS PELOS FRUTOS DE Stryphnodendron fissuratum MART. (“ROSQUINHA”

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriano Felipe Arantes

    2006-10-01

    Full Text Available Neste experimento foram utilizados quinze bovinos machos, mestiços, com idades entre dez e quatorze meses, pesando entre 96 e 214 kg e divididos em três grupos, com cinco animais cada. Os animais dos grupos I, II e III foram submetidos à ingestão forçada de 30g/kg, 20g/kg e 10g/kg de peso vivo de frutos triturados de Stryphnodendron fissuratum (“rosquinha”, respectivamente, em uma única parcela. Um animal de cada grupo foi considerado como controle e, portanto, não recebeu o tratamento estabelecido para o seu respectivo grupo. Observaram-se algumas variações clínicas relacionadas à dose e ao tempo, contudo o quadro tóxico caracterizou-se predominantemente, nos três grupos, por apatia, pêlos eriçados, atonia ou hipotonia rumenal, anorexia, ausência de ruminação, fezes pastosas ou sob a forma de cíbalos, fétidas e algumas vezes enegrecidas. Subseqüentemente, observaram-se bruxismo, mugido prolongado, sialorréia espumosa, movimentos vazios de apreensão de alimentos, desidratação, lacrimejamento, midríase com reflexo pupilar presente, mania de lamber de forma contínua objetos ou partes do corpo, principalmente membros anteriores, incoordenação, tremores do pescoço e cabeça, posicionamento em decúbito external com a cabeça desviada em direção ao flanco ou apoiada no solo pelo muflo nasal. Os animais intoxicados dos grupos I, II e III vieram a óbito nos intervalos de 2 a 5 dias, 3 a 8 dias e 6 a 11 dias, respectivamente. PALAVRAS-CHAVE: Bovino, plantas tóxicas, Stryphnodendron fissuratum.

  17. Fungos micorrízicos arbusculares em bananeiras cultivadas no Vale do Submédio São Francisco

    OpenAIRE

    Melo,Adriana Mayumi Yano de; Maia,Leonor Costa; Morgado,Luiz Balbino

    1997-01-01

    Na região do Vale do São Francisco, onde a exploração da agricultura irrigada é a principal responsável pela alta produção de frutas para exportação, a banana é uma das culturas que mais tem se expandido em área cultivada. Com o objetivo de registrar os fungos micorrízicos arbusculares associados a essa cultura, foram coletadas, sob a parte aérea da bananeira, amostras de solo da rizosfera, em quatro áreas com diferentes características de solo, sendo identificadas as espécies: Acaulospora lo...

  18. Determinação da maturidade fisiológica de frutos de maracujazeiro amarelo colhidos na região norte do estado do Rio de Janeiro, Brasil Determination of the physiologic maturity on yellow passion-fruit harvested in north of Rio de Janeiro State, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Thais Vianna-Silva

    2010-03-01

    Full Text Available O trabalho teve como objetivo determinar o ponto de maturidade fisiológica dos frutos de maracujazeiro amarelo produzidos na região Norte Fluminense, na tentativa de se antecipar o ponto de colheita dos frutos, visando a qualidade e o aumento da vida de prateleira dos mesmos. Os frutos foram colhidos em três períodos diferentes. A colheita 1 foi realizada aos 45 dias após a antese (daa; a colheita 2 aos 54 daa e a colheita 3 aos 63 daa. Após cada colheita os frutos foram lavados, secos e divididos em dois lotes para avaliação. O primeiro lote foi avaliado imediatamente após a colheita, e o segundo foi armazenado em câmara (23 ± 3ºC e 85 ± 8% UR. Os frutos foram analisados periodicamente a cada 3 dias, quanto aos seguintes atributos de qualidade: coloração e espessura da casca, rendimento de suco e teores de sólidos solúveis (SS e acidez titulável (AT. Os resultados indicaram que o tempo de desenvolvimento do fruto de maracujazeiro amarelo, dentro do período de 45 a 63 daa, influenciou na qualidade do fruto colhido na região. Para as condições deste trabalho, o ponto ideal de colheita foi aos 63 daa, podendo, também, ser colhido a partir do 54º daa, porém, com perda de cerca de 21,0 % no rendimento de suco. Verificou-se, também, que durante a fase de amadurecimento, a manutenção dos frutos na planta retarda a evolução da coloração, bem como, a redução na espessura da casca do fruto, em comparação ao colhido e armazenado.This work aimed to determine the physiologic maturity of yellow passion-fruit produced in North Fluminense, with the aim of advancing the point of fruit harvest and improving the quality and shelf life the fruit. The fruit were harvested in three different periods. Harvest 1 occurred during the 45 days after anthesis (daa; harvest 2 from 54 daa and harvest 3 from 63 daa. After each harvest, the fruit were washed, dried and separated in two groups for evaluation. The first group was evaluated

  19. Avaliação da eficácia de extratos oleosos de frutos verdes e maduros de cinamomo (Melia azedarach sobre Rhipicephalus (Boophilus microplus (Acari: Ixodidae Evaluation of efficacy of ripe and unripe fruit oil extracts of Melia azedarach against Rhipicephalus (Boophilus microplus (Acari: ixodidae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lorena A. Dias de Sousa

    2008-03-01

    Full Text Available Extratos hexânicos obtidos dos frutos de Melia azedarach foram testados sobre fêmeas ingurgitadas e larvas de Rhipicephalus (Boophilus microplus. Foram produzidos quatro extratos: um de frutos verdes e três com frutos maduros, sendo um com os frutos imediatamente processados, outro com frutos armazenados por cinco meses e um testado após armazenamento do extrato por 2 (dois anos a 4ºC. Os testes foram feitos em triplicata, em diluições de 0,25% a 0,0156%. A eficácia dos extratos foi avaliada através da comparação da Reprodução Estimada dos lotes "controle e tratado" para fêmeas, da mortalidade para as larvas, e do cálculo das DL50 e da potência relativa para larvas e fêmeas. O extrato de frutos verdes apresentou uma eficácia variando de 3,6% a 100% para fêmeas, e o de frutos maduros variou de 5,2% a 99,7%. Os dois extratos causaram uma mortalidade de 100% das larvas nas maiores concentrações. O extrato de frutos armazenados apresentou eficácia de 14% a 83% sobre fêmeas, enquanto o extrato armazenado em geladeira apresentou eficácia de 8,4% a 100% e ambos não apresentaram efeito larvicida. Os resultados obtidos demonstram uma superioridade do extrato verde, com uma menor DL50 e potência 1,497 vezes superior ao extrato de frutos maduros.Hexanic extracts gotten of the fruits of cinamomo (Melia azedarach were tested on engourged females and larvae of Rhipicephalus (Boophilus microplus. Four extracts were produced: one of unripe fruits and three of ripe fruits, being one with the fruits immediately processed, another one with fruits stored for five months and one tested after storage of the extract for 2 (two years at 4ºC. The tests were made in triplicate, in 0.25%- 0.0156% dilutions. The effectiveness of extracts was evaluated through the comparison of the Reproduction Estimate of the groups "controlled and treated" for females, of mortality for the larvae, and of the calculation of the DL50 and the relative power for

  20. Produção do melão rendilhado em função da concentração de potássio na solução nutritiva e do número de frutos por planta Net melon yield as affected by potassium concentration in nutrient solution and number of fruits per plant

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Caciana C. Costa

    2004-03-01

    Full Text Available O experimento foi conduzido em hidroponia (NFT, de junho a novembro de 2001, na UNESP, em Jaboticabal. A cultivar Bônus nº 2 foi cultivada sob blocos casualizados, em esquema de parcelas subdivididas, com seis repetições. Foram avaliados o número de frutos por planta (2; 3; 4 e fixação livre e a concentração de potássio na solução nutritiva (66; 115,5; 165 e 247,5 mg L-1 de K. Nas colheitas ocorridas entre 105 e 133 dias após o transplantio (DAT, foram obtidos 2,0; 2,5; 2,7 e 2,3 frutos por planta, enquanto que aos 85 DAT, o número de frutos fixados tinha sido, respectivamente, 2; 3; 4 e 6,2 frutos por planta. O incremento da concentração de potássio na solução nutritiva aumentou, inicialmente, o número de frutos fixados, e contribuiu, posteriormente, para a redução do abortamento dos frutos. Também, promoveu aumento no peso médio do segundo fruto. A produção e o peso médio dos frutos não foram influenciados pelo emprego de soluções nutritivas com concentração de potássio acima de 66 mg L-1. Entretanto, o número de frutos por planta afetou a produção e o peso médio dos frutos, promovendo respectivamente, aumento e redução à medida que maior foi o número de frutos por planta.The experiment was carried out using hidroponic solution (NFT from June to November-2001, in Jaboticabal, São Paulo State, Brazil. The 'Bonus nº 2' was cultivated in randomized blocks design, with split-plot scheme and six replications. Fruit number per plant (2; 3; 4 and free and potassium concentration in the nutrient solution (66; 115.5; 165 e 247.5 mg L-1 were the studied factors. At harvests [105 to 133 days after transplant (DAT], 2.0; 2.5; 2.7 and 2.3 fruits per plant were obtained, whereas at 85 DAT, 2; 3; 4 and 6.2 fruits had been set, respectively. Increasing potassium concentration in the nutrient solution improved initially fruit set and contributed later to reduce the fruit aborting in plants. Also the potassium promoted

  1. Biologia da mosca‑das‑frutas sul‑americana em frutos de mirtilo, amoreira‑preta, araçazeiro e pitangueira Biology of South American fruit fly in blueberry, blackberry, strawberry guava, and Surinam cherry crops

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maicon Bisognin

    2013-02-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi descrever a biologia de Anastrepha fraterculus em frutos de mirtilo (Vaccinium ashei, amoreira‑preta (Rubus spp., araçazeiro (Psidium cattleyanum e pitangueira (Eugenia uniflora. O experimento foi realizado em laboratório, em condições controladas de temperatura (25±2ºC, umidade relativa (70±10% e fotófase (12 horas, para determinação dos parâmetros biológicos do inseto nos estágios de desenvolvimento imaturos e adultos. Anastrepha fraterculus completa o ciclo biológico em todos hospedeiros estudados, embora os frutos nativos (pitanga e araçá ofereçam melhores condições para seu desenvolvimento. Os parâmetros biológicos determinados para as fases imaturas foram semelhantes nos quatro hospedeiros. Insetos criados em pitanga e araçá apresentam, na fase adulta, maior período de oviposição, fecundidade e longevidade de fêmeas, em comparação aos criados em mirtilo e amora‑preta. O ritmo diário de oviposição é mais prolongado e uniforme nos insetos criados em araçá e pitanga, o que mostra que A. fraterculus está mais bem adaptada a estas frutas, nativas da região Sul.The objective of this work was to describe the biology of Anastrepha fraterculus in blueberry (Vaccinium ashei, blackberry (Rubus spp., strawberry guava (Psidium cattleyanum and Surinam cherry (Eugenia uniflora fruits. The experiment was carried out in laboratory under controlled conditions of temperature (25±2ºC, relative humidity (70±10%, and photophase (12 hours to determine insect biological parameters in immature and adult development stages. Anastrepha fraterculus finishes its biological cycle in all studied hosts; however, the Brazilian native fruits (strawberry guava and Surinam cherry provide better conditions for development of the insect. Biological parameters determined for immature development stadium were similar in the four hosts. Insects reared in Surinam cherry and strawberry guava showed, in the

  2. Redução da severidade da podridão-amarga de maçã em pós-colheita pela imersão de frutos em quitosana Reduction of the severity of apple bitter rot by fruit immersion in chitosan

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ricardo Barbosa Felipini

    2009-12-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar a aplicação de quitosana no controle da podridão-amarga da maçã em pós-colheita e seus efeitos sobre Colletotrichum acutatum e a atividade da peroxidase nos frutos. Frutos previamente infectados com o patógeno foram imersos em suspensões de quitosana com diferentes concentrações e pHs. Para estudar possíveis mecanismos de ação envolvidos no controle da doença, foram realizados testes in vitro, para avaliar o efeito da quitosana sobre a germinação de conídios de C. acutatum e sobre o crescimento micelial. Foi avaliada a capacidade da quitosana de induzir a síntese de enzimas relacionadas à defesa da planta (peroxidases, por meio de ensaio espectrofotométrico. Houve efeito de doses e de pH da quitosana sobre a redução da severidade da podridão-amarga em maçã. A suspensão de quitosana a 10 g L-1 e pH 4 foi a mais apropriada tecnicamente para o controle da doença, pois reduziu a severidade em 26%. O polissacarídeo não elevou a atividade de peroxidases nos frutos, mas reduziu a germinação de conídios e o crescimento micelial do patógeno. A quitosana aplicada em pós-colheita é uma medida alternativa aos fungicidas para o manejo da podridão-amarga.The objective of this work was to evaluate the aplication of chitosan on the control of apple bitter rot in postharvest conditions and its effects on Colletotrichum acutatum and fruit peroxidase activity. Apple fruit previously infected with the pathogen were immersed in chitosan suspensions with different concentrations and pHs. To study some possible action mechanisms, in vitro tests were carried out to evaluate the effect of chitosan on spore germination and mycelial growth of C. acutatum. The capacity of chitosan to induce the synthesis of defense enzymes (peroxidases was evaluated in fruits by spectrofotometric assay. Different doses and pH of chitosan were found to be effective in the reduction of the disease severity. Chitosan at

  3. Desfolha e posição do fruto em meloeiro cv. Don Luis, cultivado em ambiente protegido

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aline da Silva Bhering

    2013-02-01

    Full Text Available Este trabalho teve como objetivo avaliar o efeito do número de folhas e da posição de fixação do fruto na planta sobre a produção de biomassa e a qualidade de frutos de meloeiro tipo Cantaloupe. O experimento foi constituído de quatro tratamentos, delineamento inteiramente casualizado, com 15 repetições. Os tratamentos foram: 1 14 folhas/planta, com fruto fixado na posição intermediária da planta; 2 14 folhas/planta, com fruto fixado no alto da planta; 3 14 folhas/planta até a fixação do fruto no alto da planta, quando foram retiradas as sete folhas imediatamente abaixo do fruto; e 4 14 folhas/planta até a fixação do fruto no alto da planta, quando foram retiradas as sete folhas na base da planta. Avaliaram-se: área foliar; área foliar específica; razão de área foliar; dias para colheita; ciclo cultural; diâmetro, comprimento, massa da matéria fresca, espessura do pericarpo, diâmetro da cavidade e teor de sólidos solúveis de fruto; e massa da matéria seca de folhas, caule, pecíolo e fruto. A condução das plantas com maior número de folhas (tratamentos 1 e 2 proporcionou maior área foliar, massa da matéria seca de folhas, massa das matérias fresca e seca de fruto, espessura do pericarpo e sólidos solúveis de fruto, comparado aos tratamentos 3 e 4. Maior área foliar/fruto proporciona frutos com maiores massa, espessura de pericarpo e teor de sólidos solúveis. A fixação do fruto na porção intermediária, comparada à fixação no topo da planta, tem como vantagem o menor ciclo cultural. O meloeiro ajusta a produção de massa dos órgãos à área foliar disponível na planta.

  4. Influência da posição das sementes no fruto do cacaueiro sôbre a germinação e desenvolvimento das mudas Influence of seed location in the cocoa fruit on germination and seedling growth

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mário Cardoso

    1963-01-01

    Full Text Available Foram plantadas separadamente, para comparação, amostras de sementes oriundas da ponta, do centro e da base de frutos de cacaueiro. Não foram notadas diferenças, quer na germinação das sementes, quer no desenvolvimento das mudas, em duas variedades estudadas.Seed samples from the top, center, and bottom of the cocoa fruit (Theobroma leiocarpa Bern. were planted separately for comparison. No difference in germination of the seeds or growth of the seedlings for the three types of samples was noticed.

  5. Avaliação fitotecnica de bananeiras tipo terra sob irrigação em condições semi-áridas Agronomical evaluation of bananas under irrigation and semi-arid conditions

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hudson Caldeira de Faria

    2010-08-01

    Full Text Available Conduziu-se este trabalho, com o objetivo de avaliar fitotecnicamente as características vegetativas e de rendimento de cinco cultivares de bananeira tipo Terra, em primeiro ciclo de produção sob irrigação nas condições semiáridas da região de Guanambi - BA. Utilizaram-se descritores fenotípicos relevantes para a identificação e seleção de indivíduos com características superiores, visando a disponibilizar aos produtores dos perímetros de irrigação uma alternativa para a diversificação da bananicultura. Avaliaram-se as seguintes características: número de dias do plantio ao florescimento e à colheita, altura da planta, perímetro do pseudocaule, número de folhas vivas nas épocas do florescimento e colheita, o intervalo florescimento-colheita, peso do cacho, da ráquis e das pencas, número de pencas e de frutos, comprimento e diâmetro do fruto. O experimento foi delineado em blocos casualizados, com cinco tratamentos, constituídos pelas cultivares AAB: Terra, Terra-Maranhão, Terrinha e D'Angola e pelo híbrido AAAB: FHIA-21 com cinco repetições. Cada parcela foi constituída por 20 plantas (quatro fileiras de cinco plantas, com seis plantas úteis no espaçamento de 3,0 m x 3,0 m. Destacaram-se as cultivares avaliadas a Terra e a Terra Maranhão como as mais produtivas, porém, com maior altura e mais tardias em ciclo. O híbrido FHIA-21 e as cultivares Terrinha e D'Angola, apresentaram-se com maior número de folhas vivas à época da colheita. A cultivar D'Angola apresentou a menor produtividade dentre as cultivares avaliadas.The goal of this work was to make a agronomical evaluation of the vegetative characteristics and income of five cultivars of banana type Plantain, in the first production cycle under irrigation in the semi-arid conditions of the region of the city of Guanambi -Bahia State. Relevant phenotypic descriptors were used for the identification and selection of individuals with superior

  6. Avaliação de bananeiras tipo prata, de porte alto, no semiárido Evaluation of banana prata, tall type, in the semi-arid

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Verbenes Fernandes de Azevedo

    2010-12-01

    Full Text Available Objetivou-se, com este trabalho avaliar, agronomicamente, em dois ciclos de produção, sete genótipos (tratamentos de bananeira tipo Prata, de porte alto, no semiárido. A variedade Pacovan (AAB, seus híbridos 'PacovanKen', PV42-53, 'Preciosa', 'Japira' e PV79-34 (AAAB e o híbrido 'Garantida' (AAAB, derivado da 'Prata São Tomé' foram avaliados. Utilizou-se o delineamento experimental inteiramente casualizado com 10 repetições e espaçamento de plantio de 3,0 x 2,5 metros. Consideraram-se, na época do florescimento e da colheita, descritores fenotípicos vegetativos: de ciclo, de rendimento e de avaliação da severidade da Sigatoka-amarela. Submeteram-se os dados à análise de variância e agruparam-se as médias pelo Critério de Scott-Knott a 5% de probabilidade. Os valores das características aumentaram entre os ciclos de produção. Há variabilidade nas características entre os genótipos pertencentes ao mesmo grupo genômico e subgrupo, inclusive entre híbridos originados da mesma genitora. Os híbridos são mais vigorosos que a variedade Pacovan. A cultivar Garantida é a menos produtiva. A 'Pacovan' é a mais suscetível (nota seis, o híbrido PV79-34 apresenta suscetibilidade intermediária (nota três e os demais híbridos são resistentes à Sigatoka-amarela (nota um. O híbrido PV79-34 apresenta características favoráveis ao seu cultivo comercial, evidenciadas pelo menor porte, maior vigor, menor ciclo e maior número de pencas e de frutos.This work aimed to evaluate, agronomically, in two production cycles, seven genotypes (treatments of banana Prata, tall type, in the semi-arid. Pacovan (AAB variety and hybrids 'Pacovan-Ken', PV42-53, 'Preciosa', 'Japira' and PV79-34 (AAAB and the 'Garantida' (AAAB, from the 'Prata São Tomé' hybrid were evaluated. The experimental design was completely randomized with 10 replicates in the planting spacing 3.0 x 2.5 meters. At the time of flowering and harvesting, vegetative

  7. Comportamento agronômico de bananeira 'Prata-anã' em função do tipo de muda Agromic performance of 'Prata-anã' banana regarding to plant propagation method

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Antonio Junqueira Teixeira

    2011-03-01

    Full Text Available Foi realizado um experimento de campo com bananeira 'Prata-anã', visando a avaliar o comportamento agronômico de plantas estabelecidas a partir de três tipos de mudas: convencional, micropropagadas em meio sólido e em meio líquido. A área experimental foi instalada no município de Cristais Paulista-SP (20º23'S; 47º30'W, cujo clima é caracterizado por verão chuvoso e inverno seco. Avaliaram-se o crescimento e a fenologia por meio de medidas periódicas de comprimento e diâmetro do pseudocaule das plantas até a emissão da inflorescência. A incidência de doenças (CMV e mal-do-panamá foi estimada visualmente em função da apresentação de sintomas característicos pelas plantas. As plantas originadas de mudas micropropagadas apresentaram crescimento e desenvolvimento iniciais mais vigorosos, maior precocidade e cachos mais leves do que aquelas estabelecidas com mudas convencionais. Não foram observadas diferenças significativas em relação à incidência de doenças e ao tamanho dos frutos produzidos, em função dos tipos de mudas.A field experiment with 'Prata-anã' banana was conducted to evaluate the agronomic performance of tissue culture-propagated plants in solid or liquid culture medium and conventionally propagated plants. The experiment was installed in Cristais Paulista (20º23'S; 47º30'W, Planalto Region of State of Sao Paulo (Brazil. This region is characterized by a summer rainy season and dry winter. Plant growth and phenology were assessed through periodic measurements of length and stem diameter of the plants until flowering. The incidence of diseases (CMV and Panama disease was estimated visually according to the presentation of symptoms by plants. The tissue culture-propagated-plants in solid or liquid medium showed initial growth and development more vigorous, precocious flowering and lighter bunches than those from conventionally propagated plants. There were no significant differences in the incidence of

  8. Efeito da aplicação de etileno no pH, acidez, índice refratométrico e açúcares totais de frutos de manga, colhidos em estágio pré-climatérico Effect of ethylene application on pH, acidity, refratometric index and total sugar of mango fruits, harvested in the pre-climateric stage

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    R.C.C. Coneglian

    1993-09-01

    Full Text Available Este trabalho teve como objetivo o estudo da ação do etileno no amadurecimento de frutos de manga, tentando contribuir para o conhecimento da fisiologia do amadurecimento destes frutos. Foram utilizadas mangas (Mangifera indica L., variedade Keitt, colhidas em estágio pré-climatérico. Estes frutos receberam tratamento com ethrel (500 e 1.000 ppm, com exceção da testemunha e foram submetidos às seguintes determinações: pH, acidez, índice refratométrico e açúcares totais. A análise e interpretação dos resultados mostrou a inexistência de diferença estatística entre esses 3 tratamentos, indicando que a aplicação de ethrel não trouxe nenhuma vantagem na melhoria de qualidade dos frutos.Ethylene action on mango fruits was studied in relation to the ripening physiology of these fruits. Mango (Mangifera indica L., Keitt variety, were harvested in the pre-climateric stage. These fruits, after receiving Ethrel treatment (500 e 1,000 ppni, except for control, were analized for pH, acidity, refratometric index and total sugars. The analysis and interpretation of the results showed no statistical differences among treatments, showing that ethrel didn't improve the fruits quality.

  9. Utilização de soluções numéricas e analíticas na descrição da secagem do eixo central de jaca

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hyago Costa Sousa

    2016-08-01

    Full Text Available Objetivou-se descrever o processo de secagem do eixo central de jaca por modelos matemáticos e determinar qual modelo matemático apresentou os melhores ajustes para as características avaliadas. Foi estudado a secagem do eixo central de jaca em estufa com circulação e renovação de ar em quatro temperaturas diferentes 50, 60 70 e 80 °C utilizando modelos matemáticos para a descrição da quantidade de água no eixo central de jaca, foram utilizados frutos adquiridos no pomar do Centro de Ciências Humanas, Sociais e Agrarias, Bananeiras-PB pertencente a Universidade Federal da Paraíba. De acordo com a análise de dados o modelo de Page foi o que apresentou os melhores coeficientes de determinação e os melhores ajustes aos dados experimentais.Use of numerical and analytical solutions in the description of the drying of the central axis of jackfruitAbstract: This study aimed to describe the process of drying the central axis of jackfruit by mathematical models and determine which mathematical model presented the best fit for the characteristics. This study investigated the drying of the central axis of jackfruit in an oven with circulation and air exchange at four different temperatures 50, 60, 70 and 80 ° C using mathematical models to describe the amount of water in the central axis of jackfruit, fruits were utilized acquired in orchard Humanities Center, Social and Agricultural, Bananeiras-PB belonging to the Federal University of Paraíba. According to the data analysis the Page model showed the best determination coefficients and the best fit to the experimental data.

  10. HERBASPIRILLUM-LIKE BACTERIA IN BANANA PLANTS Bactérias do tipo Herbaspirillum em bananeira

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Olmar B. Weber

    2001-10-01

    Full Text Available Diazotrophic bacteria isolated from banana plants were characterized by morphological and physiological aspects. Three different groups of these plant-bacteria could be established. Two of them showed similarity to species of the Herbaspirillum genus. The third one was different because used only a few carbon substrates and produced water diffusible compounds that fluoresced under UV light. All three bacterial groups were thin rods with mono or bipolar flagella, presented negative reaction in Gram stain, showed catalase activity, were able to reduce nitrate and grew better in semi-solid JNFb medium at 31ºC. The nitrogenase activity was detected in semi-solid N-free JNFb medium and expressed higher values when pH ranged from 6.5 to 7.0 (groups I and II and 6.0 to 6.5 (group III. The diazotrophs isolated from banana plants were distinct from species of Herbaspirillum previously identified in gramineous plants.Bactérias diazotróficas do tipo Herbaspirillum isoladas de bananeiras foram avaliadas pelas características morfológicas e fisiológicas de crescimento. Três grupos de bactérias foram estabelecidos, sendo dois relacionados às espécies de Herbaspirillum e diferentemente o terceiro grupo apresentou habilidade em crescer com poucos substratos orgânicos e produziu substância fluorescente em meio B de King. As bactérias dos três grupos eram bastonetes com flagelos mono ou bipolares, apresentaram reação negativa na coloração de Gram, expressaram atividade de catalase e oxidade, foram capazes de reduzir o nitrato e cresceram melhor em meio JNFb semi-sólido incubado a 31ºC. A atividade da nitrogenase, medida através da atividade de redução de acetileno, foi máxima em meio JNFb semi-sólido, após o ajuste de pH na faixa de 6,0 a 7,0 (grupos I e II e 5,5 a 6,5 (grupo III. As bactérias diazotróficas associadas às bananeiras são diferentes das espécies de Herbaspirillum anteriormente identificadas em gramíneas.

  11. Quality assessment of fruit pulps industrialized and commercialized in the city of Boa Vista – RR = Avaliação da qualidade de polpas de frutos industrializadas e comercializadas no município de Boa Vista – RR

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cássia Rejane Nascimento

    2012-12-01

    de frutos detalha a identificação das mesmas conformelegislação. Pelas variáveis estudadas, somente as polpas de cupuaçu das marcas C e D e graviola das marcas B, C, D e Eestavam de acordo com o regulamento técnico para fixação do padrão de identidade e qualidade. Considerando-se as variáveisem questão, verificou-se que as variações nos teores encontrados e o não atendimento desses padrões podem ser minimizadospor meio da padronização das matérias-primas e dos processos utilizados.

  12. Características vegetativas e seus efeitos sobre a produção de bananeira em três ciclos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lauro Saraiva Lessa

    2012-12-01

    Full Text Available A produtividade em bananeira é um caráter complexo que resulta da associação de diferentes fatores, influenciados pelo ambiente. Este trabalho teve por objetivo estudar os efeitos diretos e indiretos de características vegetativas sobre a produção de bananeira em três ciclos. O trabalho foi conduzido no campo experimental da Embrapa Acre, em Rio Branco, Acre, entre os anos de 2003 e 2006. Foram avaliados 13 genótipos de bananeira (Preciosa, Japira, Pacovan-Ken, Pacovan, BRS Platina, Prata-Anã, ST12-31, Nanicão, Grande Naine, Calipso, Ambrosia, Bucaneiro e FHIA-02, no espaçamento de 3 m x 2 m, no esquema de blocos ao acaso, com cinco repetições. Determinaram-se a altura de plantas, diâmetro do pseudocaule, número de folhas na floração e na colheita, peso do cacho e número de pencas no cacho. Realizou-se a análise de variância para cada ciclo e estimaram-se os coeficientes de correlação fenotípicos e os coeficientes de trilha. Adotou-se como variável básica o peso do cacho, e as demais, como variáveis explicativas. O estudo dos efeitos diretos e indiretos evidenciou que o caráter produção é bastante influenciado pelo ambiente no primeiro ciclo, e, nos ciclos seguintes, a produção é muito influenciada pelas características vegetativas, principalmente número de folhas na colheita.

  13. Efeitos do fracionamento da adubação mineral, da adubação orgânica e da calagem na produtividade e incidência de vassoura-de-bruxa em cacaueiros da Amazônia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    F. I. O. Morais

    1998-03-01

    Full Text Available A resposta do cacaueiro à aplicação de micronutrientes, matéria orgânica, calcário e fracionamento da adubação foi determinada em dois experimentos, instalados em solos das unidades Terra Roxa estruturada eutrófica (TR e Latossolo Amarelo (LA, no Estado do Pará, no período de 1988 a 1993. As lavouras de cacau do híbrido Sca 6 x Be 10 foram implantadas pelo sistema de derrubada total e queima da floresta primária, utilizando-se sombreamento provisório de bananeira (Musa spp. e permanente de Erythrina poeppigiana ou Gmelina arborea. Os tratamentos foram distribuídos em blocos casualizados, com três repetições, sendo a parcela constituída de 20 plantas úteis. Os resultados de produção de cacau demonstraram que não houve interação significativa entre tratamentos e solos ou ano de condução do experimento. O fracionamento da adubação NPK em três aplicações/ano e a adubação NPK + Zn foram os melhores tratamentos, provocando incrementos (P < 0,05 na produtividade do cacaueiro da ordem de 27,5% e 10,9%, respectivamente. A menor incidência (P < 0,05 de frutos atacados pela enfermidade vassoura-de-bruxa, causada pelo fungo Crinipellis perniciosa, foi observada nos tratamentos em que se aplicaram uma mistura de micronutrientes (B, Cu, Zn, Fe e Mo ou esterco de gado na dosagem de 5 t ha-1; as porcentagens de frutos doentes dos demais tratamentos não diferiram da adubação NPK (testemunha. Para o aumento da produtividade, a estratégia de adubação mais eficiente foi o fracionamento da adubação NPK (60 kg ha-1 de N, P(20(5 e K(20 em três aplicações ao ano. O efeito de micronutrientes e do esterco de gado na infecção da vassoura-de-bruxa merece ser investigado com mais atenção.

  14. Crescimento dos frutos de laranjeira 'Salustiana' situados em ramos anelados com diversas relações de folhas/frutos Growth of the fruits of 'Salustiana' sweet orange located in girdled shoots with several leaves to fruit ratios

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Dalmo Lopes de Siqueira

    2007-08-01

    Full Text Available A relação entre a área foliar e o crescimento dos frutos é um tema que freqüentemente recebe a atenção dos pesquisadores, por influenciar diretamente na produtividade das plantas e na qualidade dos frutos. Neste trabalho, avaliou-se o efeito da área foliar sobre o crescimento dos frutos da laranjeira 'Salustiana'. Foram utilizados ramos com 12 meses de idade e com apenas um fruto terminal. Os ramos foram anelados visando a manter diversas relações de folhas/fruto. Avaliaram-se, semanalmente, o crescimento dos frutos e os teores de amido presentes nas folhas durante um período de 42 dias. O crescimento dos frutos, avaliado na "fase de crescimento II", dependeu da área foliar disponível por fruto, sendo que 30 folhas foram suficientes para garantir o seu crescimento. As reservas de amido nas folhas dependeram da área foliar disponível por fruto e reduziram à medida que os frutos apresentaram aumentos no diâmetro e nas massas fresca e seca.The relationship between the foliar area and the fruit growth is an important theme because affects the tree productivity and fruits quality. In this work was evaluated the effect of the foliar area on the growth of the Salustiana's sweet orange fruits. Girdled shoots of 12 months were used with a single terminal fruit and several leaves-fruit ratios. It was evaluated, weekly, the fruit growth and the leaves starch contents during 42 days. The fruit growth, evaluated in the stage II, depended on the available leaf area per fruit, provided that 30 leaves were enough to guarantee its growth. The starch reserves in the leaves depended on the available leaf area per fruit and they reduced with the increase in the diameter and dry and fresh weight of the fruits.

  15. Efeito do NaCI sobre o crecimento ea multiplicação in vitro de bananeira The effect of NaCl on the growth and multiplication of bananeira (MUSA SP in vitro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristiane Elizabeth Costa de Macêdo

    2005-08-01

    Full Text Available A salinidade dos solos é um importante fator de estresse, ocorrendo em regiões semi-áridas e áridas do Nordeste brasileiro, onde a bananeira é cultivada. O efeito de diferentes concentrações de cloreto de sódio (NaCl foi estudado sobre a multiplicação e o crescimento in vitro de brotos de bananeira da variedade "Grand Naine", visando a uma posterior seleção in vitro. Brotos de bananeira foram inoculados em meio de cultura MS (Murashige & SKoog na ausência de T0=0 (controle e na presença de três tratamentos contendo NaCl: T1= 50mM; T2=75mM e T3=100mM e subcultivados cinco vezes nos seus respectivos tratamentos. Os subcultivos foram realizados a cada 30 dias e observado o número de brotos multiplicados por broto inoculado em cada tratamento, a altura e o número de folhas dos brotos inoculados e a produção de matéria fresca aos 0; 30; 60; 90; 120 e 150 dias após a exposição ao sal. Os resultados mostraram que a adição de NaCl ao meio de cultura afetou a multiplicação in vitro, e que o aumento da concentração do sal é proporcional à diminuição do número de brotos produzidos. A multiplicação in vitro de brotos de bananeira foi reduzida em cerca de 80% na dose de 50mM e em cerca de 90% nas doses de 75 e 100mM. Nos tratamentos submetidos a 75 e 100 mM de NaCl, houve redução do número de folhas e também no crescimento dos brotos iniciais e na produção de matéria fresca. A melhor dose de NaCl entre as testadas e sob as condições experimentais utilizadas, para a realização de uma posterior seleção, foi 50mM por ter apresentado efeitos intermediários nos caracteres avaliados.Soil salinity is an important factor of stress that occurs in many semi-arid and arid regions of Brazil where the bananeira is cultivated. The effect of different sodium chloride (NaCl concentrations, in vitro, on the growth and shoot multiplication derived from explants of "Grand Naine" variety was studied. The shoot-tips of the

  16. Qualidade pós-colheita de frutos de butiá em função do estádio de maturação na colheita e do manejo da temperatura Postharvest quality of jelly palm fruits as a result of maturity stage at harvest and temperature management

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cassandro Vidal Talamini do Amarante

    2008-02-01

    Full Text Available Este trabalho objetivou avaliar os efeitos do estádio de maturação na colheita, da temperatura de armazenamento e do tempo para o resfriamento na preservação da qualidade pós-colheita de frutos de butiá. Os frutos foram colhidos em três estádios de maturação (verde, verde-amarelo e amarelo e armazenados a 0±2°C e 20±2°C. Frutos armazenados a 0±2°C apresentaram melhor retenção de firmeza, de cor verde da epiderme, de acidez total titulável (ATT e de sólidos solúveis totais (SST, em relação àqueles armazenados a 20±2°C. Os benefícios da refrigeração na preservação pós-colheita foram maiores para frutos colhidos em estádio verde, apesar da sua qualidade inferior, caracterizada pelos altos valores de ATT e baixos valores de SST em relação aos colhidos nos estádios verde-amarelo e amarelo. Frutos armazenados a 0±2°C não apresentaram sintoma de injúria por frio. Durante todo o período de armazenamento, não foi possível observar a ocorrência de climatério respiratório. Não houve diferença significativa nas taxas respiratórias pós-colheita entre os estádios de maturação dos frutos na colheita. O incremento na temperatura de armazenamento de 0 a 30°C ocasionou um aumento significativo nas taxas respiratórias de 50,26 a 658,35 nmol CO2 kg-1 s-1, segundo um modelo sigmoidal, ou seja, um rápido incremento entre 0 a 10°C, seguido de um aumento gradual, tendendo a um equilíbrio na temperatura de 30°C. Houve efeito positivo da imediata refrigeração dos frutos após a colheita na preservação da firmeza, da cor verde da epiderme e da ATT, mas não dos teores de SST. A alta perecibilidade de butiá requer o imediato resfriamento a 0°C, de frutos colhidos no estádio de maturação verde-amarelo, visando a preservar a sua qualidade pós-colheita.This research was carried out to assess the effects of maturity stage at harvest, storage temperature, and cooling delay on postharvest quality preservation

  17. Extração e caracterização do amido de diferentes genótipos de bananeira

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Magali Leonel

    2011-10-01

    Full Text Available A banana, uma das principais herbáceas cultivadas em grande quantidade no mundo e importante fonte de energia para as pessoas, tem obtido interesse como matéria-prima para a produção de farinha e fécula para uso alimentício e outros fins industriais, devido ao elevado conteúdo de amido nos frutos verdes. O trabalho teve como objetivo caracterizar os frutos verdes de sete genótipos de bananeira quanto à composição química e avaliar o conteúdo de amilose, propriedades de pasta e térmicas dos amidos destes genótipos. Os resultados obtidos mostraram diferenças significativas na composição química dos frutos, com maior teor de amido na cultivar Figo Cinza. As análises dos amidos mostraram valores de amilose de 26,68 a 33,95% e propriedades de pasta com elevado pico de viscosidade, baixa resistência à temperatura e agitação (quebra de viscosidade e tendência à retrogradação para todos os amidos. Nas propriedades térmicas, os amidos mostraram um endoderma, temperatura de gelatinização na faixa de 60 a 73ºC com DH variando de 11,6 a 16,99 J g-1 na gelatinização e 4,11 a 7,97 J g-1 na retrogradação.

  18. Bananeiras consorciadas com leguminosas herbáceas perenes utilizadas como coberturas vivas Banana plants intercropped with perennial herbaceous legumes used as living mulches

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Antonio Azevedo Espindola

    2006-03-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar a produção de bananeiras consorciadas com as leguminosas herbáceas perenes - amendoim forrageiro (Arachis pintoi, cudzu tropical (Pueraria phaseoloides e siratro (Macroptilium atropurpureum. Os tratamentos-controle consistiram em vegetação espontânea com predomínio de Panicum maximum, e vegetação espontânea com adubação nitrogenada das bananeiras. Também foi avaliado o desenvolvimento vegetativo das bananeiras. Entre as coberturas avaliadas, a vegetação espontânea e o cudzu tropical apresentaram produções maiores de biomassa; o cudzu tropical proporcionou valores maiores para quantidades de N acumulado e derivado da fixação biológica. As leguminosas amendoim forrageiro, cudzu tropical e siratro proporcionaram desenvolvimento vegetativo mais rápido nas bananeiras consorciadas. Cudzu tropical e siratro promoveram maiores valores de peso dos cachos e das pencas. O uso das leguminosas avaliadas resulta em aumento da porcentagem de cachos colhidos e redução do tempo de colheita, além de proporcionar maior produtividade, quando comparado ao uso de vegetação espontânea.The objective of this work was to evaluate the yield of banana plants intercropped with the perennial herbaceous legumes forage groundnut (Arachis pintoi, tropical kudzu (Pueraria phaseoloides and siratro (Macroptilium atropurpureum. The control treatments were spontaneous vegetation (mainly Panicum maximum and spontaneous vegetation plus nitrogen fertilizer application to banana plants. The vegetative growth of banana plants was also evaluated. Among the treatments, spontaneous vegetation and tropical kudzu promoted the highest dry matter productions; tropical kudzu had the highest amounts of accumulated and fixed N. Forage groundnut, tropical kudzu and siratro promoted the fastest vegetative growth for banana plants in this intercropped system. Tropical kudzu and siratro promoted the highest values for bunch weight and

  19. Caracterização morfocultural e infecção cruzada de Colletotrichum gloeosporioides agente causal da antracnose de frutos e hortaliças em pós-colheita / Morfocultural characterization and cross infection Colletotrichum gloeosporioides causes anthracnose in fruits and vegetables post-harvested

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lucimar Pereira Bonett

    2010-12-01

    Full Text Available O fungo Colletotrichum gloeosporioides infecta uma grande variedade de plantas em regiões tropicais, subtropicais e temperadas ocasionando consideráveis perdas econômicas em doenças pré e pós-colheita. O objetivo deste trabalho foi caracterizar a morfologia e a infecção cruzada de isolados de Colletotrichum gloeosporioides obtidos de frutos e hortaliças em pós-colheita. Os isolados foram obtidos de lesões de frutos com sintomas de antracnose e cultivados em meio de cultivo BDA, sendo a avaliação do crescimento micelial realizada por meio de duas leituras diárias do diâmetro das colônias pelo período de quatorze dias e a caracterização morfológica das colônias realizada no final deste período. Para a realização do experimento, utilizou-se o delineamento experimental inteiramente casualisado com três repetições por tratamento. Para o experimento da infecção cruzada foram realizados dois ferimentos em frutos sadios nos quais foram depositados blocos de meio de cultura com 6 mm2 contendo os isolados. O delineamento experimental foi em esquema fatorial de 8 x 8, com quatro repetições. As médias de ambos os experimentos foram analisadas por meio do teste de Scott-Knott com 5% de probabilidade. A maioria dos isolados de C. gloeosporioides possuem grande potencial de infecção cruzada, já que foram capazes de causar lesões em frutos de mamão, manga, abacate, chuchu, jiló, pimentão verde e pimenta. Os isolados de frutos de mamão e abacate apresentaram o maior índice de crescimento micelial e os isolados provenientes do chuchu apresentaram o menor. Quanto ao desenvolvimento de lesões, o mamão apresentou-se mais suscetível, com lesões maiores, enquanto que a pimenta cambuci demonstrou-se a mais resistente, apresentando as menores lesões.

  20. Profundidade e atributos físicos do solo e seus impactos nas raízes de bananeiras

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alan Antônio Miotti

    2013-06-01

    Full Text Available A bananeira pode ter sua produção prejudicada se cultivada em solos com restrições físicas. O objetivo deste trabalho foi verificar se os atributos físicos de solos rasos comprometem as raízes das plantas de bananeira. O estudo foi realizado na Chapada do Apodi (CE, onde foram comparados solos com duas profundidades efetivas: raso (profundidade aproximada de 0,57 m, mais arenoso e profundo (profundidade aproximada de 1,16 m, mais argiloso e seis profundidades de coleta de solo e de raízes (0-10;10-20;20-30; 30-40; 40-50 e 50-60 cm. Nas amostras de solo, foram determinados os seguintes atributos físicos: curva de retenção de água, densidade do solo, porosidade, granulometria e densidade de partículas. A resistência do solo à penetração (RP foi avaliada no campo, utilizando-se de penetrômetro de impacto, com cinco repetições até 60 cm de profundidade. Para o estudo de raízes, as amostras foram coletadas com sonda e, por meio da análise de imagens de raízes lavadas, foram determinados: comprimento, área e volume total, e classes de diâmetro. O solo mais profundo e argiloso apresentou maior microporosidade e porosidade total, o que contribuiu para maior retenção de água. Valores de densidade do solo e de partículas foram maiores em duas camadas do solo raso, bem como a RP que atingiu o valor de 5,1 MPa. O desenvolvimento das raízes das bananeiras foi favorecido no solo profundo, no qual foram encontradas raízes mais espessas (2,2 a 6,6 mm e mais finas (0,68 a 0,79 mm, contribuindo com a sustentação das plantas e com a absorção de água e nutrientes.

  1. Efeito do calcário dolomítico e nitrato de potássio no desenvolvimento inicial de mudas da bananeira 'Prata-Anã' (AAB, provenientes de cultura in vitro Efect of dolomiotic limestone and potassium nitrate in the initial development of seedlings of 'Prata-Anã' (AAB banana tree from in vitro culture

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jackson de Araújo dos Santos

    2004-04-01

    Full Text Available Avaliou-se o efeito do nitrato de potássio e do calcário dolomítico no desenvolvimento, em viveiro, de mudas da bananeira 'Prata-Anã', provenientes de cultura in vitro. As mudas foram plantadas em sacos de polietileno (32 x 14 cm, contendo o substrato composto de 60% de solo, 20% de casca de arroz e 20% de areia grossa. O experimento foi desenvolvido em viveiro coberto com tela plástica (50% de insolação, adotando-se delineamento experimental em blocos casualizados completos, com 16 tratamentos, 4 repetições e 5 plantas por parcela. Os tratamentos foram constituídos por 4 doses de calcário dolomítico (0; 3; 6 e 9 kg.m³ de substrato combinados com 4 doses de KNO3 (0; 5,1; 10,2 e 20,4 g.planta.aplicação. As aplicações em cobertura, a cada 12 dias, iniciaram-se após 20 dias do transplante, com 200 mL de solução de KNO3 por planta. Aos 95 dias de enviveiramento, observou-se efeito apenas do KNO3, principalmente na altura das mudas, na área foliar e no número de folhas. Nas doses de 5,1 g e 10,2 g de KNO3.planta.aplicação, as mudas atingiram 18,80 cm e 14,71 cm de altura, respectivamente. O diâmetro do pseudocaule das mudas foi superior na dose de 5,1 g de KNO3.planta.aplicação, atingindo 3,44 cm. A área foliar e o número de folhas foram influenciados significativamente pelo KNO3, nas doses de 5,1 g e 10,2 g.planta.aplicação, apresentando 246,03 cm² e 10,34 e 182,14 cm² e 9,36, respectivamente. Não houve efeito do calcário para as características avaliadas.The effect of potassium nitrate and dolomitic limestone in the initial development in nursery of 'Prata-Anã' bananas from in vitro culture was evaluated. The seedlings were planted in polyethylene bags (32 x 14 cm, containing the substrate composed: of 60% of soil, 20% of rice husk and 20% of gross sand. The experiment was developed in a plastic screen-covered nursery (50% of insolation, adopting the complete randomized block experimental design with 16

  2. Efeito da aplicação foliar de boro e zinco sobre a produção e os teores de SST e ATT dos frutos da Pereira-Japonesa e da pinheira Leaf spray fertilization of boron and zinc on production, SST and ATT in fruits of pear and sugar apple

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Regina Célia Faria Simão Canesin

    2007-08-01

    Full Text Available Pulverizações foliares com produtos contendo micronutrientes, dentre os quais os produtos quelatizados, são utilizadas com relativa freqüência em frutíferas, sem o embasamento científico adequado, principalmente entre os agricultores mais tecnificados. Neste contexto, o objetivo deste trabalho foi verificar o efeito da aplicação via foliar de B e Zn sobre a produção e os teores de SST e ATT dos frutos da Pereira-Japonesa e da Pinheira. O experimento foi conduzido numa área irrigada, situada no cinturão verde do município de Ilha Solteira-SP. O solo da área foi classificado como Podzólico Vermelho-Escuro. Foram utilizadas plantas de Pereira-Japonesa, cultivar Okussankichi e de Pinheira. Os tratamentos utilizados foram: T1. apenas água; T2. ácido bórico; T3. sulfato de zinco; T4. T2 + T3; T5. ácido bórico + uréia + ácido cítrico + EDTA; T6. sulfato de zinco + uréia + ácido cítrico + EDTA; T7. T5 + T6; T8. ácido bórico + uréia + ácido cítrico + EDTA + molibdato de sódio + enxofre + cloreto de cálcio; T9. sulfato de zinco + ácido cítrico + EDTA + sulfato de Fe + sulfato de Mn + sulfato de Mg, e T10. T8+T9. Foram utilizadas doses de 110 g ha-1 de B e 250 g ha-1 de Zn, em cada aplicação. O delineamento experimental adotado foi o de blocos ao acaso, com quatro repetições e, para comparação de médias, foi utilizado o teste de Tukey. Com base nos resultados obtidos, pode-se concluir que: 1 a produção e os teores de SST e ATT dos frutos da pereira-japonesa e da pinheira não foram influenciados pela aplicação foliar de B e de Zn; b a mistura de ácido bórico com quelatos foi eficiente no fornecimento de B às plantas de pereira- japonesa, o mesmo não ocorrendo para pinheira, c o sulfato de zinco + produtos quelatizantes foram eficientes no aumento dos teores foliares de Zn somente na pereira.Leaf spray using liquid products with micronutrients, among them, quelates are usual in fruit trees. However, there

  3. Efeito da concentração de nitrogênio na solução nutritiva e do número de frutos por planta sobre a produção do meloeiro Effect of nitrogen concentration in nutrient solution and number of fruits per plant on yield of melon

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luis Felipe V. Purquerio

    2003-06-01

    Full Text Available O trabalho foi conduzido em casa de vegetação, na UNESP em Jaboticabal (SP, de junho a novembro de 2001, com o objetivo de avaliar a produção do melão (Cucumis melo var. reticulatus, híbrido Bônus nº2, cultivado em sistema hidropônico NFT, em função da concentração de nitrogênio na solução nutritiva (80, 140, 200 e 300 mg L-1 e número de frutos por planta (2, 3, 4 e livre. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos ao acaso, em parcelas subdivididas, com seis repetições. Aos 80 dias após o transplantio, foram observados 2, 3, 4 e 5,1 frutos por planta e, posteriormente na colheita, 2, 2,9, 3,0 e 3,4 frutos por planta, respectivamente para os tratamentos com 2, 3, 4 e fixação livre, sendo esta redução atribuída ao abortamento de frutos. Houve redução no peso médio do 1º, 2º e 3º fruto colhido, com o aumento da concentração de nitrogênio. Plantas com o menor número de frutos, apresentaram maior peso médio dos mesmos, porém com menor produção por planta. A maior produção (2.474 g/planta foi obtida com 80 mg L-1 de nitrogênio na solução nutritiva.The effects of different nitrogen concentrations (80; 140; 200 and 300 mg L-1 and fruit number per plant (2; 3; 4 and free setting, were investigated on net melon production (Cucumis melo var. reticulatus, Bonus nº 2 hybrid. The experiment was carried out in Jaboticabal, São Paulo State, Brazil, in NFT hydroponic system, from June to November, 2001. The experimental design was of randomized split plots, replicated six times. At 80 days after seedling transplant 2; 3; 4 and 5.1 fruits per plant were found. However, at harvest there were 2; 2.9; 3.0 and 3.4 fruits per plant, relative to 2; 3; 4 and free setting per plant treatment. This observed fruit reduction was attributed to fruit abortion. With the increase of nitrogen concentrations a reduction in first, second and third fruit weight was found. Plants with fewer fruits, produced higher average

  4. Influência da cobertura vegetal do solo na qualidade dos frutos de videira 'Niagara Rosada' Influence of soil cover with grass and leguminous plants on fruit characteristics of table grape variety Niagara Rosada

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elaine Bahia Wutke

    2005-12-01

    Full Text Available Devido ao aumento no custo de produção com a utilização de cobertura morta com capim nas ruas da videira 'Niagara Rosada' e à dificuldade para sua aquisição, objetivou-se a possibilidade de substituí-la por plantas de cobertura intercalares. Em experimentos realizados em Indaiatuba e Jundiaí-SP, de 1999-2000 a 2003-2004, instalaram-se seis tratamentos nas entrelinhas, em blocos ao acaso e quatro repetições, constando de área no limpo; vegetação espontânea roçada; cobertura com capim seco de Brachiaria decumbens; cobertura verde de aveia preta (Avena strigosa; cobertura verde de chícharo (Lathyrus sativus; cobertura verde de tremoço (Lupinus albus, de março a outubro, seguidas de cobertura verde de mucuna anã (Mucuna deeringiana de outubro a março. Determinaram-se massa, comprimento e largura do cacho, engaço e bagas, número total de bagas por cacho e diâmetro do pedicelo de bagas, comparando-se os valores médios pelo teste de Duncan ao nível de 5%. Na média dos anos, os resultados com a cobertura verde foram similares ou mais favoráveis que os da cobertura com braquiária seca, podendo-se substituí-la por coberturas vegetais intercalares com gramínea e leguminosas, o ano todo, sem interferência negativa na qualidade comercial dos frutos.Grape vineyard in Southern Brazil utilize a large amount of mulch during autumn-winter season demanding extra efforts and costs, being its acquisition very difficult nowadays. In order to evaluate the possibility of replacing the tradicionally mulch by green cover species in the inter-row strip, two experiments were carried out in Indaiatuba and Jundiaí, SP, Brazil, from 1999/00 to 2003/04, with the table variety Niagara Rosada. The experimental design was a randomized block with four replications and six treatments: 1 no weeded area; 2 cut spontaneous local vegetation; 3 mulch of Brachiaria decumbens; 4 green cover of Avena strigosa from March to October followed by green cover of

  5. Efeito da concentração de coagulantes e do pH da solução na turbidez da água, em recirculação, utilizada no processamento dos frutos do cafeeiro Effects from the concentration of coagulants and pH solution on the turbidity of the recirculating water used in the coffee cherry processing

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antonio T. Matos

    2007-08-01

    Full Text Available Com o objetivo de determinar a dose e a faixa de pH dos coagulantes sulfato de alumínio (SA, sulfato ferroso clorado (SFC, cloreto férrico (CF e extrato de semente de moringa (ESM, que proporcionassem maior eficiência na remoção da turbidez na água residuária da despolpa de frutos do cafeeiro (ARDC, após serem efetuadas cinco recirculações, foram conduzidos ensaios de coagulação/floculação utilizando o aparelho "Jar-test". Todos esses coagulantes foram avaliados nas concentrações de 0; 0,5; 1,0; 1,5; 2,0; 2,5 e 3,0 g L-1. No caso da solução preparada com ESM, as doses utilizadas foram: 0; 10; 20; 30; 40; 50 e 60 mL L-1. O pH da solução em teste foi alterado, utilizando-se do hidróxido de sódio (NaOH, na concentração de 0,3 mol L-1, sendo avaliadas as faixas de 4,0 a 5,0; 5,0 a 6,0; 6,0 a 7,0 e 7,0 a 8,0. No ensaio de coagulação/floculação, o ESM proporcionou maior remoção de SS (sólidos em suspensão da ARDC com a dose de 10 mL L-1 e pH de 4,27 (natural. Para os coagulantes SA e CF, os melhores resultados foram obtidos com a concentração de 3 g L-1 e pH de 7,27 e, para o coagulante SFC, com a concentração de 3 g L-1 e pH de 4,27.Aiming the determination of the dose and pH range of the coagulants aluminum sulfate (AS, chlorinated ferrous sulfate (CFS, ferric chloride (FC and Moringa oleifera seed extract (MSE that would provide a higher efficiency in removing the turbidity from the coffee cherry pulping wastewater (CPW, five recirculations were accomplished and the coagulation/flocculation assays were conducted, by using the Jar-test device. The concentrations (0; 0.5; 1.0; 1.5; 2.0; 2.5 and 3.0 g L- 1 were evaluated. In the case of the MSE-prepared solution, the following doses were used: 0; 10; 20; 30; 40; 50 and 60 mL L-1. The pH of the solution under test was changed, by using the sodium hydroxide (NaOH at the concentration of 0.3 mol L-1, whereas the ranges from 4.0 to 5.0; 5.0 to 6.0; 6.0 to 7.0; and 7

  6. Cobertura da pulverização e maturação de frutos do cafeeiro com ethephon em diferentes condições operacionais Spraying coverage and maturation uniformity with ethephon in coffee tree fruit under different operational conditions

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fábio Scudeler

    2004-01-01

    Full Text Available A arquitetura trapezoidal do cafeeiro, dependendo da variedade, constitui sério entrave à aplicação de agroquímicos que precisam atingir diretamente o alvo, nesse caso, os frutos. Com o propósito de avaliar e comparar a distribuição e o depósito de uma solução traçadora, bem como a eficiência do regulador de crescimento ethephon na maturação dos frutos do cafeeiro, quando aplicados com diferentes pulverizadores e condições operacionais, foram desenvolvidos dois experimentos em plantio comercial dessa cultura. O uso de papel hidrossensível e de uma escala visual de notas para diferentes níveis de fluorescência emitida pela solução traçadora possibilitaram a avaliação da distribuição da pulverização. A avaliação quantitativa dos depósitos do traçador foi feita através de espectrofotometria e a eficiência do ethephon, pela porcentagem relativa de frutos verdes e cereja nos diferentes tratamentos. Maiores depósitos na parte inferior das plantas foram obtidos com o turboatomizador Arbus 400, equipado com as pontas HC-02 e JA-2. Melhor distribuição da pulverização foi obtida em frutos localizados na parte inferior e frontalmente ao direcionamento da pulverização. Com o equipamento Arbus 400, equipado com pontas HC-02, em menores pressões de trabalho, pode-se constatar maiores porcentagens de frutos maduros, porém não foi suficiente para reduzir o percentual de furtos verdes além dos 20%, aos 59 dias após a aplicação do ethephon.The coffee tree trapezoidal design has been a serious obstacle to agrochemical use which is supposed to reach the fruits directly. Depending on the coffee variety this problem can become even greater. This experiment aimed to evaluate and compare a tracer solution distribution and deposition as well as to verify the efficacy of the ethephon growth regulator on coffee fruit ripening. Different operational conditions and sprayers were used. Water-sensitive paper and a visual grade

  7. Repetibilidade em características do fruto do maracujazeiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Eduardo Magalhães dos Santos

    2010-06-01

    Full Text Available A análise de sucessivas medições de uma característica em um grupo de indivíduos é um procedimento desejável no melhoramento genético de culturas, pois espera-se que a superioridade ou inferioridade inicial de um indivíduo em relação aos demais mantenha-se ao longo das medições. A veracidade dessa expectativa pode ser aferida pelo coeficiente de repetibilidade das características avaliadas. Os objetivos deste trabalho foram (1 determinar o coeficiente de repetibilidade pelos métodos da Análise de Variância, Componentes Principais (matriz de correlação e covariância e Análise Estrutural das seguintes características: massa média, comprimento longitudinal, diâmetro equatorial, massa média da polpa e da casca e espessura da casca do fruto; e (2 determinar o número mínimo de avaliações para um eficiente processo de seleção de genótipos de maracujazeiro-azedo. O trabalho foi desenvolvido no Departamento de Fitotecnia da Universidade Federal de Viçosa, analisando-se 20 progênies de meios-irmãos segregantes de maracujazeiro-azedo. Observaram-se diferenças entre as estimativas dos coeficientes de repetibilidade obtidos pelo método da análise da variância e pelos métodos multivariados, havendo superioridade nas estimativas com o emprego dos últimos métodos nos programas de melhoramento do maracujazeiro-azedo. O método dos componentes principais, com base na matriz de covariância, sempre apresentou estimativas maiores, principalmente para espessura da casca e comprimento longitudinal do fruto, sendo esse método mais eficiente para a estimação do coeficiente de repetibilidade das características avaliadas. A realização de 18 medições nos frutos de maracujazeiro-azedo será suficiente para predizer o valor real dos indivíduos com 90% de acurácia no primeiro ano de produção, com relação à massa fresca do fruto, massa de polpa e casca, comprimento longitudinal e diâmetro equatorial.

  8. Acúmulo de matéria seca e de macronutrientes em cultivares de bananeira irrigada Accumulation of dry matter and macronutrient in cultivars of irrigated banana tree

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ricardo Bezerra Hoffmann

    2010-03-01

    Full Text Available O conhecimento das quantidades de matéria seca e de nutrientes acumulados e exportados por cultivares de bananeira é importante para o desenvolvimento de uma recomendação de adubação para esta cultura. O objetivo deste trabalho foi avaliar as quantidades de matéria seca e de macronutrientes acumuladas e exportadas por seis cultivares de bananeiras irrigadas. Foram amostradas plantas das cultivares Grande Naine, Pacovan, Pacovan-Apodi, Prata-Anã, Terrinha e Gross Michel, em uma área de plantio comercial de bananeira irrigada, no município de Limoeiro do Norte - CE. Na colheita, foram escolhidas quatro famílias de cada cultivar para amostragem. A "planta-mãe" foi dividida em rizoma, pseudocaule, pecíolo, limbo, engaço e frutos. Na matéria seca dessas partes das plantas, determinaram-se os teores dos macronutrientes. As cultivares Pacovan, Prata-Anã e Pacovan-Apodi que, de modo geral, extraíram do solo as maiores quantidades de macronutrientes, foram as que acumularam quantidades mais elevadas de matéria seca. O potássio e o nitrogênio foram os macronutrientes mais acumulados e exportados pelas seis cultivares de bananeira irrigada, seguidos pelo enxofre, cálcio, magnésio e fósforo.The knowledge about the quantity of dry matter and nutrients accumulated and exported by banana is important for the development of fertilizer recommendations. The objective of this study was to evaluate the accumulation of dry matter and macronutrients by six cultivars of irrigated banana crop. Plants of Grande Naine, Pacovan, Pacovan-Apodi, Prata-Anã, Terrinha and Gross Michel cultivars were sampled in a commercial plantation in the municipality of Limoeiro do Norte, state of Ceará, Brazil. At harvest, four plants of each cultivar were selected for sampling. The "mother-plant" was divided into rhizome, pseudo stem, petiole, leaf blade, stalk and fruits. In the dry matter of these parts, the contents of macronutrients were determined. The

  9. Scanning electron microscopy of the interaction between Cryptococcus magnus and Colletotrichum gloeosporioides on papaya fruit Microscopia eletrônica de varredura da interação entre Cryptococcus magnus e Colletotrichum gloeosporioides em frutos de mamão

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Guy de Capdeville

    2007-11-01

    Full Text Available The objective of this work was to investigate possible modes of action of the yeast Cryptococcus magnus in controlling anthracnose (Colletotrichum gloeosporioides on post harvested papaya fruits. Scanning electron microscopy was used to analyze the effect of the yeast on inoculations done after harvest. Results showed that C. magnus is able to colonize wound surfaces much faster than the pathogen, outcompeting the later for space and probably for nutrients. In addition, C. magnus produces a flocculent matrix, which affects hyphae integrity. The competition for space and the production of substances that affect hyphae integrity are among the most important modes of action of this yeast.O objetivo deste trabalho foi investigar prováveis modos de ação da levedura Cryptococcus magnus, que resultam no controle da antracnose (Colletotrichum gloeosporioides em frutos de mamoeiro na póscolheita. A microscopia eletrônica de varredura foi utilizada para avaliar o efeito da levedura sobre inoculações realizadas após a colheita. Os resultados mostraram que C. magnus é capaz de colonizar a superfície de ferimentos nos frutos e vencer a competição por espaço e, provavelmente, por nutrientes. Além disso, C. magnus produz uma matriz de textura característica que afeta a integridade da hifa do patógeno. A competição por espaço e a produção de substâncias que afetam a integridade das hifas estão entre os mais importantes modos de ação desta levedura.

  10. Influência do pH da solução extrativa no teor de antocianinas em frutos de morango Influence of the extraction solution pH on the content of anthocyanins in strawberry fruits

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Celso Luiz Bordignon Jr.

    2009-03-01

    Full Text Available Nos últimos anos, os estudos sobre a composição química do fruto do morangueiro vêm ganhando destaque devido ao seu elevado consumo e às atividades biológicas atribuídas a ele. Além disso, os principais metabólitos secundários encontrados nesses frutos são as antocianinas, compostos responsáveis pela intensa coloração vermelha e amplamente utilizados como corantes naturais pela indústria alimentícia. Neste trabalho, foram preparados diferentes extratos de frutos de morango com a cultivar Oso Grande, com o intuito de verificar a influência do pH no perfil espectroscópico do extrato e no teor de antocianos. O extrato em pH 1,0 forneceu um perfil clássico para antocianinas na análise por espectroscopia no ultravioleta, assim como um maior teor de antocianinas nos frutos frescos devido a uma extração mais eficiente das substâncias de interesse.Recently, the study on the chemical composition of the strawberry fruit has been recognized in view of its increased consumption and biological activities. Moreover, the main secondary metabolites found in strawberry fruits are anthocyanins, which are the compounds responsible for the intense red color of the fruit and are widely used as natural colorants by the food industry. In this work, were prepared different extracts with strawberry fruits of the cultivar Oso Grande in order to verify the pH influence on the spectroscopic profile of the strawberry extracts and on the content of anthocyanins. The results indicate that at pH 1,0 the extract showed a classic profile to anthocyanins through ultraviolet spectra analysis and a higher content of anthocyanins in fresh fruits.

  11. Controle alternativo de Colletotrichum acutatum agente causal da queda prematura dos frutos cítricos Alternative control of Colletotrichum acutatum, causal agent of postbloom fruit drop of citrus

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Katia Cristina Kupper

    2009-12-01

    Full Text Available A queda prematura dos frutos cítricos (QPFC, causada por Colletotrichum acutatum, dados os grandes prejuízos que têm causado aos produtores, constitui-se numa doença de grande importância econômica. O controle da doença é feito predominantemente mediante uso de fungicidas, que eleva o custo de produção e afeta negativamente o meio ambiente. Diante disso, este trabalho teve por objetivo buscar um método alternativo de controle da QPFC, mediante o uso de agentes de biocontrole ou de biofertilizantes. Diferentes concentrações de biofertilizantes (originários de duas fontes distintas e denominados de Bio1 e Bio 2; três isolados de Bacillus subtilis (ACB-69; 72 e 77 e três isolados de Trichoderma spp. (ACB-14; 37 e 39 foram testados, isoladamente ou em combinação, sob condições de laboratório, quanto à capacidade inibitória da germinação de conídios de C. acutatum. Estudaram-se, ainda, a produção de metabólitos termoestáveis por B. subtilis e o efeito sobre a germinação do patógeno. Quinze isolados de B. subtilis foram testados quanto à capacidade de prevenir a infecção por C. acutatum em flores destacadas de lima- ácida 'Tahiti' e, no campo, foram instalados dois experimentos, visando a testar ACBs e biofertilizantes no controle da doença. Verificou-se que o isolado ACB-72 (B. subtilis e ACB-37 (T. pseudokoningii foram os que mais inibiram a germinação do patógeno. Quanto à produção de metabólitos termoestáveis, ACB-69 e 77 foram os mais eficientes em produzir substâncias antifúngicas, e em quantidades suficientes para inibirem a germinação do patógeno. A mistura dos quatro isolados de Bacillus (ACBs: 69; 72; 77 e AP3 foi o que apresentou maior porcentagem de inibição (73%. Os biofertilizantes (Bio1 e Bio2, em concentrações acima de 10% e, quando em associação com isolados de Trichoderma spp., promoveram maiores inibições na germinação de C. acutatum. Em testes com flores destacadas

  12. Predição de "bitter pit" em maçãs 'gala' Por meio da infiltração dos frutos com magnésio Prediction of bitter pit in 'gala'apples by means of fruit infiltration with magnesium

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cassandro Vidal Talamini do Amarante

    2009-12-01

    Full Text Available O "bitter pit" é considerado um dos principais distúrbios fisiológicos pós-colheita que ocorrem em maçãs. A análise nutricional dos frutos (concentrações de Ca, Mg, K e N, normalmente utilizada na avaliação do risco de ocorrência de "bitter pit", apresenta custo elevado e tem-se mostrado pouco eficiente para este fim. Isto tem estimulado o desenvolvimento de métodos alternativos para a predição em pré-colheita do risco de ocorrência pós-colheita de "bitter pit". Este trabalho foi conduzido com o objetivo de avaliar a viabilidade de utilização do método de infiltração de maçãs 'Gala'com magnésio (Mg, na predição do risco de ocorrência de "bitter pit" durante o armazenamento refrigerado. Em adição a isto, os valores de Ca na casca e na polpa (mg kg-1 de peso fresco, relacionados aos diferentes níveis de severidade e incidência de "bitter pit", em frutos infiltrados com Mg ou armazenados em câmara fria, foram representados graficamente, com o objetivo de predizer o risco de "bitter pit" com base nas concentrações de Ca. Os frutos foram colhidos em pomar com histórico de elevada incidência de "bitter pit", em Lages (SC, na safra 2003/2004, de 20 plantas previamente marcadas aleatoriamente. Os frutos utilizados para a infiltração (30 frutos por planta foram colhidos 20 dias antes da maturação comercial, enquanto os frutos armazenados em câmaras frigoríficas (100 frutos por planta foram colhidos na maturação comercial. Os valores de Ca nos frutos, acima dos quais houve baixo risco de ocorrência de "bitter pit", foram similares entre frutos infiltrados e não infiltrados com Mg, correspondendo a 55 e 192 mg kg-1, na polpa e na casca, respectivamente. A concentração de Ca quantificada no tecido da casca mostrou-se melhor indicador do risco de "bitter pit" em relação ao tecido da polpa. Os dados obtidos demonstram que o método de infiltração com Mg representa uma alternativa viável visando a avaliar

  13. Effect of preharvest spraying with thidiazuron on fruit quality and maturity of apples Efeitos da pulverização pré-colheita com thidiazuron sobre a qualidade e a maturação de frutos em macieiras

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cassandro Vidal Talamini do Amarante

    2003-04-01

    Full Text Available Apple trees, cultivars Gala and Fuji, were sprayed at full bloom with thidiazuron (TDZ at the doses of 0, 5, 10, or 20 g (a.i. ha-1 and fruit were assessed for quality and maturity. In both cultivars, the increase of TDZ dose had detrimental effects on fruit quality, causing a reduction of fruit red surface and an increase of percentage of fruit that was asymmetrical and with calyx-end rot. TDZ caused an increment of calyx-end aperture that might have increased calyx-end rot. TDZ increased density and the length : diameter (L : D ratio of the fruit. The number of viable seeds was not affected by TDZ. TDZ resulted in a substantial delay of fruit maturity in 'Gala' but not in 'Fuji'. TDZ also reduced soluble solids content (SSC in 'Gala' and reduced titratable acidity in both cultivars.Macieiras, cultivares Gala e Fuji, foram pulverizadas em plena floração com thidiazuron (TDZ, nas doses de 0; 5; 10 e 20 g (i.a. ha-1, e os frutos avaliados em termos de qualidade e maturação. Em ambas as cultivares, o TDZ apresentou efeitos negativos na qualidade dos frutos, com redução na percentagem de cor vermelha na casca e aumento na percentagem de frutos assimétricos e com podridão carpelar. O TDZ causou aumento na abertura carpelar, o que pode ter ocasionado aumento de incidência de podridão carpelar. O TDZ aumentou a densidade e a relação comprimento : diâmetro (C : D dos frutos. O número de sementes viáveis não foi afetado pelo TDZ. O TDZ retardou substancialmente a maturação dos frutos na cultivar Gala, mas não na cultivar Fuji. O TDZ reduziu os teores de sólidos solúveis totais na cultivar Gala e reduziu a acidez titulável em ambas as cultivares.

  14. Avaliação de variedades e híbridos de bananeiras sob irrigação Evaluation of banana varieties and hybrids under irrigation

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sérgio Luiz Rodrigues Donato

    2003-08-01

    Full Text Available O Brasil dispõe de um grande número de variedades de bananeira, porém poucas atendem integralmente as exigências relativas à preferência dos consumidores, à produtividade e à resistência a doenças. O objetivo deste trabalho foi avaliar, durante dois ciclos produtivos, em Guanambi (BA, as variedades Nam (AAA, Caipira (AAA, Grande Naine (AAA e Prata Anã (AAB e os híbridos (AAAB PA12-03, FHIA-01, SH3640 e FHIA-18 quanto ao porte, ao peso do cacho, ao número de pencas e de frutos, ao número de folhas no florescimento e na colheita e ao ciclo, no delineamento inteiramente casualizado. A 'Grande Naine' destacou-se nos dois ciclos, sobretudo na produtividade. No primeiro ciclo, a 'Caipira' e os híbridos FHIA-18 e SH3640 obtiveram, após a Grande Naine, os melhores rendimentos no peso do cacho. A Caipira também se destacou no número de frutos e os híbridos SH3640, FHIA-01 e FHIA-18 mostraram um bom desempenho no número de pencas, superando a 'Prata Anã'. O SH3640 apresentou o maior número de folhas na colheita e o PA12-03 foi o genótipo mais baixo e mais precoce. No segundo ciclo, o SH3640 foi um dos destaques quanto ao peso do cacho, ao número de pencas e ao número de folhas no florescimento e na colheita, perdendo apenas para a Grande Naine, nos dois primeiros caracteres, e para a Prata Anã, nos dois últimos. No número de frutos, a Caipira sobressaiu-se, superando a Grande Naine. Como no primeiro ciclo, o PA12-03 foi o genótipo mais precoce, ao lado do FHIA-18, e o segundo mais baixo, ao lado da Nam. O porte e o peso do cacho tiveram um acréscimo, entre os ciclos, nos genótipos avaliados. Os híbridos possuem potencial para ser lançados como cultivares.Brazil has a great number of banana varieties, however a few of them attend completely the exigencies related to the consumers preference requirements, productivity and diseases resistance. The objective of this work was to evaluate banana varieties and hybrids in Guanambi

  15. Variância e média da massa de frutos de abobrinha-italiana em múltiplas colheitas Variance and means of zucchini fruit mass in multiple harvests

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alessandro Dal'Col Lúcio

    2008-09-01

    Full Text Available A variância associada à produção em plantas com colheitas múltiplas nem sempre é homogênea, o que compromete a precisão experimental. Com o objetivo de identificar o comportamento da média e da variância da massa dos frutos de abobrinha-italiana (Curcubita pepo com o passar das colheitas, entre as linhas de cultivo dentro de cada colheita e entre colheitas, e verificar a interferência de diferentes manejos nesse comportamento, conduziu-se um trabalho nas estações sazonais inverno-primavera (I/P e verão-outono (V/O 2004/2005. O experimento foi conduzido em dois túneis (T1 e T2, com três linhas de 25 plantas por túnel, com a cultivar Caserta. Em T1 utilizou-se irrigação por gotejamento, com mulching sobre os camalhões e menor aplicação de biocidas que em T2. Em T2 utilizou-se irrigação por aspersores, colocados a 1,8 m de altura, sem mulching sobre os camalhões. Aplicou-se o teste de Bartlett entre as seis variâncias das linhas de cultivo dentro de cada colheita e entre as variâncias médias das seis linhas para verificar a homogeneidade entre colheitas em cada estação de cultivo. Para comparação das médias de produção de cada linha de cultivo, em cada colheita, dentro de cada túnel, e entre linhas de cultivo, com a mesma posição nos túneis, foi aplicado o teste t. Na estação V/O, as variâncias foram homogêneas em duas das onze colheitas e, na estação I/P, em dez das treze colheitas, sendo que em ambas as estações houve maior homogeneidade das variâncias na primeira metade do ciclo. Na estação V/O, as variâncias em T1 foram, de modo geral, menores em todo o ciclo. Nas duas estações houve heterogeneidade na variância entre colheitas. Na estação V/O, ocorreram diferenças significativas em seis e três colheitas, respectivamente em T1 e T2, com as médias de produção atingindo 481,0 em T1 e 454,0 g planta-1 em T2. Na estação I/P ocorreram diferenças de produção na primeira (T1 e quarta e

  16. Adição de torta de mamona em substratos na aclimatação de mudas micropropagadas de bananeira Effect of addition of castor bean pie in substrates in acclimatization of micropropagated banana plantlets

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriana Novais Martins

    2011-03-01

    Full Text Available A utilização de mudas micropropagadas de bananeira que oferecem qualidade genética e fitossanitária, favorecendo o desenvolvimento, instalação e uniformidade do pomar, é importante para a exploração comercial da bananicultura. O objetivo deste trabalho foi avaliar a influência da adição da torta de mamona nos substratos na aclimatação de mudas micropropagadas de bananeira da cv. Willians. O delineamento estatístico utilizado foi o inteiramente casualizado, com 10 tratamentos, sendo 2 substratos e 5 dosagens de torta de mamona (0; 6; 12; 18 e 24 g vaso-1. O substrato Vivatto Slim Plus® possibilitou o melhor desenvolvimento das plantas na aclimatação. Não são recomendadas doses superiores a 12 g planta-1 de torta de mamona misturadas ao substrato na aclimatação de mudas de bananeira.The use of micropropagated banana tree seedlings offer genetic and phytosanitary qualities, favoring the development, installation and uniformity of the yield and it is very important for the commercial exploration of banana fruits. The objective of this study was to evaluate the influence of castor oil plant pie added to the substrate in the acclimatization of micropropagated banana plantlets cv. 'Willians'. It was use the completely randomized, with 10 treatments, being 2 substrates and 5 dosages of castor oil plant pie (0; 6; 12; 18 and 24 g for each recipient. The substrate Vivatto Slim Plus® showed the best development of the plants in acclimatization processes. Dosages above 12 g of castor oil plant pie for each plant are not recommended mixed to the substrate in the acclimatization of banana tree seedlings

  17. Controle de Meloidogyne javanica em mudas de bananeira 'prata-anã' por compostos orgânicos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bruna Hanielle Carneiro dos Santos

    2013-06-01

    Full Text Available O trabalho teve como objetivo avaliar o efeito de compostos orgânicos no controle de Meloidogyne javanica, e no desenvolvimento de mudas de bananeiras 'Prata-Anã. O experimento foi conduzido em DIC, com dez repetições, e os tratamentos consistiram em quatro compostos constituídos de diferentes matérias-primas (restos da cultura da banana, cana-de-açúcar, esterco bovino, cascas de banana, plantas daninhas, capim andropogon, o esterco bovino, a torta de mamona e testemunhas (adubação mineral, carbofuran e testemunha absoluta (sem adição de composto orgânico. Em cada vaso, foram colocados 3 kg de solo autoclavado, incorporado com cada um dos tratamentos avaliados e inoculado com suspensão contendo 4.000 ovos de M. javanica. Após quatro dias, transplantou-se uma muda de bananeira 'Prata-Anã' micropropagada, e aos 60 dias, avaliaram-se: altura das plantas, diâmetro, número de folhas e peso de matéria seca da parte aérea, e número de galhas, massas de ovos, número de ovos e o número de juvenis de segundo estádio (J2, por 100 cm³ de solo. Testou-se in vitro o efeito das frações húmicas dos quatro compostos (que não causaram fitotoxidez e esterco bovino sobre a mortalidade e motilidade de J2 de M. javanica. O ensaio foi montado em placas de ELISA em DIC, com cinco repetições. Os compostos orgânicos e o esterco bovino aumentaram o desenvolvimento das mudas. A torta de mamona provocou efeito fitotóxico às mudas. Menor número de variáveis nematológicas foi proporcionado pela torta de mamona e pelo carbofuran. O número de J2 também foi menor nas parcelas tratadas com carbofuran e também pelo Composto 3, constituído por plantas daninhas+restos de cana-de-açúcar+ esterco bovino e pelo adubo mineral. Para o teste in vitro, as substâncias húmicas conferiram efeito nematicida e nematostático. Dentre os compostos, o C3 mostrou-se promissor por reduzir o desenvolvimento do nematoides e não apresentar efeito fitotóxico.

  18. Produtividade e qualidade dos frutos da laranjeira 'Pêra' clone IAC em 16 porta-enxertos na região de Bebedouro-SP Yield and fruit quality of 'Pêra' sweet orange clone IAC on 16 rootstocks in Bebedouro region, State of São Paulo, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eduardo Sanches Stuchi

    2004-08-01

    Full Text Available Avaliou-se a influência de 16 porta-enxertos na produtividade, nas características físicas e químicas (sólidos solúveis totais-°Brix; acidez; ratio; porcentagem de suco; índice tecnológico e tamanho dos frutos dos frutos da laranjeira 'Pêra' [Citrus sinensis (L. Osbeck] e na incidência e severidade da clorose variegada dos citros (CVC. O plantio do experimento foi realizado em julho de 1993, com espaçamento de 6,0 m entre linhas e 3,5 m entre plantas (476 plantas/ha. O experimento foi conduzido sem irrigação. O delineamento experimental foi em blocos ao acaso, duas plantas por parcela, três repetições e 16 tratamentos, constituídos pelas seguintes cultivares porta-enxertos: tangerineira 'Sun Chu Sha Kat' (Citrus reticulata Blanco, tangerineira 'Pectinífera' (C. reticulata, 'Shekwasha' (C. depressa Hayata, tangerineira 'Pectinífera/Shekwasha' (C. depressa Hayata, tangerineira 'Batangas' (C. reticulata, tangerineira 'Oneco' (C. reticulata, citrangor [citrange (Poncirus trifoliata Raf. x C. sinensis x C. sinensis], citrandarin [C.sunki hort. Ex Tanaka x Poncirus trifoliata (L. Raf. cv. English, tangerineira 'Sunki' (C. sunki, tangerineira 'Suen-Kat' (C. sunki, tangerineira 'Nasnaran' (C. amblycarpa Ochse, tangerineira 'Venezuela' (C. reticulata, tangerineira Heen Naran (C. lycopersicaeformis hort. ex Tan. , limoeiro 'Cravo' (C. limonia Osbeck x tangerineira 'Cleópatra' (C. reshni hort ex Tanaka, limoeiro 'Cravo' (C. limonia, tangerineira 'Cleópatra' (C. reshni. A intensidade da clorose variegada dos citros variou em função dos porta-enxertos e não se relacionou com a produção de frutos até a quarta safra. Os porta-enxertos estudados, com exceção da tangerineira Nasnaran, proporcionaram qualidade e produções iniciais de frutos similares aos do limoeiro 'Cravo'.An experiment was set up in July 1993, at Bebedouro city, São Paulo state, Brazil, aiming to evaluate the rootstock influence on the yield and several physical

  19. Efectos del ataque de fitófagos perforadores en el fruto de la encina (Quercus rotundifolia Lam.)

    OpenAIRE

    Soria Iglesias, Francisco Javier; Cano Sánchez, Esperanza; Ocete Rubio, María Elvira

    1996-01-01

    En el presente trabajo se realizan pruebas de germinación de frutos de encina (Quercus rotundifolia Lam.) afectadas por los fitófagos Curculio elephas Gyll. (COL., CURCULIONIDAE) y las especies del género Cydia, C. penkleriana (D. & Schiff.) y C. fagiglandana (Zel.) (LER, TORTRICIDAE). También recoge una serie de mediciones del fruto cuya finalidad es valorar los daños directos de estas especies.

  20. Sementes contra a varíola: Joaquim Vás e a tradução científica das pevides de bananeira brava em Goa, Índia (1894-1930 Seeds against smallpox: Joaquim Vás and the scientific translation of bananeira brava seeds in Goa, India (1894-1930

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ricardo Roque

    2004-01-01

    Full Text Available Em 1914, em Goa, antiga colônia portuguesa na Índia, o médico António Joaquim Vás anunciou a descoberta de um fabuloso tratamento contra a varíola: a aplicação clínica das pevides, ou sementes, de bananeira brava, medicamento de origem vegetal extraído das práticas médicas indianas. Este artigo investiga as circunstâncias do sucesso e insucesso dessa descoberta. A constituição das pevides de bananeira brava como medicamento contra a varíola, no início do século XX, é interpretada com base no conceito de tradução científica. Argumenta-se que a tradução das pevides - de atividade indígena a terapêutica científica - constitui um caso de criação de quasi-medicamentos, uma tradução média. Embora habitando um lugar problemático no programa de tradução científica, as pevides circularam ativamente no interior da própria ciência, persistindo contra a varíola nas práticas médicas.In 1914, in the former Portuguese colony of Goa, India, the physician António Joaquim Vás announced the discovery of a wonderful treatment for smallpox, entailing clinical application of seeds from the bananeira brava (Heliconia biahi Sw.m., a plant remedy allegedly derived from Indian medical practices. The present article explores the circumstances surrounding the successes and failures of this discovery. The concept of scientific translation is used to interpret the transformation of bananeira bravaseeds into an early twentieth-century remedy for smallpox. This transfer from indigenous use to scientific therapeutics constitutes the creation of a quasi-medicine, that is, a case of 'medium translation'. Although these seeds occupy a problematic place within the program of scientific translation, they enjoyed active circulation within science and remained a part of medical practices for combating smallpox.

  1. Caracterização morfológica e química de frutos de cambucizeiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Flávio Gabriel Bianchini

    2016-03-01

    Full Text Available RESUMO O cambucizeiro (Campomanesia phaea, pertencente à família Myrtaceae, é uma planta nativa da Mata Atlântica brasileira. A descrição das características dos frutos de cambucizeiro é importante para subsidiar novos trabalhos de melhoramento genético e sua exploração comercial, principalmente no que tange ao processamento dos frutos. O presente trabalho teve como objetivo realizar a caracterização morfológica e química de frutos de cambucizeiro. Cinquenta e oito acessos, oriundos de diferentes locais da Mata Atlântica e Serra do Mar paulista, foram coletados, propagados por sementes e um exemplar de cada acesso encontra-se no Núcleo de Produção de Mudas de São Bento do Sapucaí (SP. Quarenta frutos de cada acesso foram coletados no mês de maio e submetidos às seguintes análises: diâmetro longitudinal e transversal, massa fresca total dos frutos, número e massa das sementes, sólidos solúveis totais, % ácido cítrico, ratio, firmeza, vitamina C e coloração. A conformidade dos frutos varia intensamente entre os acessos. O número de sementes não é um bom indicativo para a relação com a massa do fruto, mas sim a massa de mil sementes. Alguns acessos possuem elevado teor de sólidos solúveis, mas, por outro lado, a grande maioria possui frutos com elevada acidez. Cambuci é uma excelente fonte de vitamina C. Os frutos dos acessos são de coloração verde, persistindo uma tonalidade opaca quando maduros.

  2. Worldwide geographical distribution of Black Sigatoka for banana: predictions based on climate change models Distribuição geográfica da Sigatoka Negra da bananeira estimada por modelos de mudanças climáticas globais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Waldir Cintra de Jesus Júnior

    2008-12-01

    Full Text Available As mudanças climáticas poderão alterar as doenças de plantas e afetar a eficácia das medidas de manejo. Um dos prováveis impactos será na distribuição geográfica das doenças. A Sigatoka Negra é considerada a principal doença da cultura da banana em decorrência dos danos causados e aumento do custo de manejo. O impacto sócio-econômico da doença continua aumentando, uma vez que a doença tem atingido novas áreas de plantio, tornando o manejo mais difícil. Este trabalho tem por objetivos comparar a distribuição geográfica da doença por meio da elaboração de mapas nas seguintes situações: a clima atual e futuro (2020, 2050 e 2080, b cenários A2 e B2 do Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas, c predito por seis diferentes modelos de mudanças climáticas e pela média dos mesmos e, d entre meses. Haverá redução das áreas favoráveis à doença no futuro, sendo que tal redução será mais acentuada no cenário A2 do que no B2 e gradativa para as décadas de 2020, 2050 e 2080. Predições efetuadas com o uso da média dos dados estimados pelos modelos permitiram redução na variabilidade da simulação em comparação com a predição gerada por cada modelo individualmente. Alterações na distribuição geográfica da doença ocorrerão entre meses, de modo que áreas consideradas desfavoráveis tornar-se-ão favoráveis e vice-versa. Apesar disso, extensas áreas continuarão favoráveis ao desenvolvimento da Sigatoka Negra.Global climatic changes will potentially influence plant diseases and the efficacy of their management options. One of the most likely impacts of climate change will be felt by the geographical distribution of plant diseases. Black Sigatoka is considered the most damaging and costly disease of banana. The socio-economic impact of this disease has continued to increase as the pathogen reaches new areas and the disease becomes more difficult to be controled. The objectives of this

  3. Efeitos de mbta [cloridrato de n,n-dietil-2-(4-metilbenziloxi etilamina] na produtividade e na qualidade dos frutos da laranjeira 'pêra' (Citrus sinensis L. Osbeck Effects of mbta [n,n-diethyl-2-(4-metylbenzyloxy ethylamine hydrochloride] on yield and fruit quality of 'pêra' sweet orange (Citrus sinensis L. Osbeck

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Chryz Melinski Serciloto

    2008-09-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar os efeitos do biorregulador MBTA [cloridrato de N,N-dietil-2-(4-metilbenziloxi etilamina] aplicado em diferentes épocas e concentrações na produtividade e qualidade dos frutos da laranjeira 'Pêra'. Em duas safras consecutivas, o MBTA foi aplicado em três diferentes concentrações (8; 16 e 32 mg L-1 e em duas diferentes fases fenológicas (25% e 100% de flores abertas, em árvores cítricas adultas, utilizando um volume de 7 litros de solução por planta, acompanhado do adjuvante Silwett L-77 0,05%. Foram amostrados 20 frutos por planta, em quatro diferentes épocas estudadas, para determinar o teor de sólidos solúveis (SS; acidez titulável (AT; quantidade de sólidos solúveis por caixa de 40,8 kg; pH; rendimento de suco; "ratio" (relação SS/AT, e a massa média dos frutos. Os efeitos do MBTA variaram de acordo com a concentração aplicada e com a fase fenológica de aplicação. O MBTA, na concentração de 8 mg L-1, aplicado com 25% das flores abertas, incrementou o teor de sólidos solúveis, a acidez, a quantidade de sólidos solúveis por caixa de 40,8 kg e a produtividade. Esse mesmo tratamento também reduziu a massa média dos frutos e não alterou o rendimento de suco e o "ratio" do suco dos frutos. O incremento médio foi de 0,49 a 0,65% na concentração de sólidos solúveis, de 0,11 a 0,13 kg na quantidade de sólidos solúveis por caixa de 40,8 kg e de 20,4 kg/planta na produtividade.The purpose of this research was to evaluate the effects of MBTA [N,N-diethyl-2-(4-metylbenzyloxy ethylamine hydrochloride] bioregulator applied on different times and concentrations on the yield and fruit quality of 'Pera' sweet orange. In two consecutive harvest seasons, the MBTA was sprayed in three different concentrations (8; 16 and 32 mg L-1 and in two different phenological phases (25% and 100% open flowers in citrus mature trees, using 7 L of spray per tree added with Silwett L-77 adjuvant at 0

  4. Crescimento de mudas micropropagadas de bananeira micorrizadas em diferentes recipientes Growth of mycorrhizal micropropagated banana plantlets in different recipients

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patrícia Lopes Leal

    2005-04-01

    Full Text Available Realizou-se um experimento em casa de vegetação, com o objetivo de avaliar a utilização de diferentes recipientes e a eficiência da inoculação com fungo micorrízico arbuscular (FMA, Glomus clarum, no crescimento de mudas micropropagadas de bananeira. O delineamento experimental foi o de blocos casualizados, no esquema fatorial 2x2, sendo 2 tratamentos microbiológicos: Glomus clarum e controle; e 2 recipientes: blocos prensados e tubetes, com 6 repetições. O substrato utilizado para a confecção dos blocos e para o enchimento dos tubetes foi constituído por uma mistura de materiais orgânicos (bagaço de cana + torta de filtro de usina açucareira e vermiculita. Mudas de bananeira produzidas em blocos prensados e inoculadas com o FMA apresentaram melhores resultados quando comparadas com as produzidas nos tubetes, com incrementos na altura, na produção de matéria seca da parte aérea e no acúmulo de N, P e K de 90%, 829%, 2774%, 249% e 403%, respectivamente.An experiment under greenhouse was carried out in order to evaluate different recipients and the inoculation with arbuscular mycorrhizal fungus (AMF, Glomus clarum, on the growth of micropropagated banana plantlets. A random block design in a factorial scheme 2x2 (two microbiological treatments: Glomus clarum and control; two types of recipients: pressed blocks and plastic tubes, with six repetitions, was used. The substrate utilized to construct the pressed blocks and to fill the tubes was constituted by a mixture of organic residue (sugarcane bagasse and filter cake and vermiculite. Banana plantlets produced in pressed blocks and inoculated with AMF let to better results than their counterparts grown in tubes, increasing the height, shoot dry weight, contents of N, P and K in 90%, 829%, 2774%, 249% and 403%, respectively.

  5. INFESTAÇÃO DO MOLEQUE DA BANANEIRA EM VARIEDADES DE BANANEIRA, NA REGIÃO DE INHAMBUPE - BAHIA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Genésio Tâmara Ribeiro

    2009-01-01

    Full Text Available It was evaluated banana weevil infestation in six varieties of banana, in the region of Inhambupe - Bahia, using itself of traps of the type "cheese". The biggest level of infestation occurred in the variety Great Naine, that was statistical significant, with 972 captured insects, average of 7,59 insects/traps. The other varieties presented low index of infestation. With exception of Tap Maeo.

  6. Aclimatização de mudas micropropagadas de bananeira 'Grand Naine' com aplicação de biofertilizantes em duas estações do ano

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edson Shigueaki Nomura

    2012-08-01

    Full Text Available A utilização de mudas de bananeira micropropagadas de qualidade é o primeiro passo na implantação de um bom pomar e, para isso, sua aclimatização deve ser realizada de forma adequada. Em vista disso, objetivou-se, neste trabalho, avaliar o desempenho dos biofertilizantes HUMITEC® e RUTER AA® no desenvolvimento de mudas de bananeira micropropagadas, sendo instalado um experimento em viveiro comercial de produção de mudas. Foram utilizadas mudas de bananeira cv. Grand Naine, obtidas por micropropagação, sendo, posteriormente, transplantadas em sacos de polietileno preto (1,5 L, contendo, como substrato, terra de subsolo (Latossolo Amarelo, casca de arroz carbonizada e composto orgânico Organifol® (1:1:1. O delineamento experimental foi em blocos ao acaso, fatorial 2 x 4 (produtos e doses, com quatro repetições e quatro plantas úteis por parcela. Os tratamentos foram compostos pelos seguintes biofertilizantes e doses: HUMITEC® (0,0; 4,0; 8,0; 16,0 mL planta-1 e RUTER AA® (0,0; 2,0; 4,0; 8,0 mL planta-1. As doses dos produtos foram divididas em duas aplicações (28 e 56 dias após o transplantio das mudas, aplicadas via fertirrigação. Noventa e oito dias após o transplantio avaliaram-se as seguintes variáveis: altura das plantas (cm, diâmetro do colo rente superfície do solo (mm, área foliar total e por folha, biomassas fresca e seca da parte aérea e das raízes (g. Os dados foram submetidos análise da variância e quando o teste F foi significativo, realizou-se análise de regressão. Pode-se concluir que aplicações de HUMITEC® e RUTER AA® favoreceram o desenvolvimento das mudas e que, no verão, as plantas apresentaram maior desenvolvimento durante a aclimatização.

  7. Avaliação nutricional, produção e incidência do mal-do-panamá em bananeira 'Prata-Anã' (AAB adubada com K, no quarto ciclo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Tadeu Alves da Silva

    2013-12-01

    Full Text Available O presente trabalho teve como objetivos estimar a dose de K para obter a máxima eficiência física e econômica, estimar o nível crítico foliar de K e relacionar o equilíbrio nutricional da bananeira 'Prata-Anã' com a incidência de plantas com mal-do-panamá no 4º ciclo. O experimento foi realizado em Latossolo Vermelho-Amarelo (LVA, textura média, na região semiárida do norte de Minas Gerais, Brasil. Os tratamentos consistiram nas aplicações de quatro doses de K (0; 400; 800 e 1.200 kg ha-1 ano de K2O. Estes foram distribuídos em blocos ao acaso, com cinco repetições. A adubação com K promoveu aumento na produção da bananeira no 4º ciclo. A máxima eficiência física (31 Mg ha-1 e a econômica (30,5 Mg ha-1 foram obtidas com as aplicações de 969 e 707 kg ha-1 ano-1 de K2O, respectivamente. Os níveis críticos foliares de K obtidos foram 29,5 e 27,1 g kg-1, para a máxima eficiência física e econômica, respectivamente. O aumento das doses de K proporcionou melhor equilíbrio nutricional à bananeira e reduziu a porcentagem de plantas infestadas com o mal-do-panamá.

  8. Análises técnica e econômica da cultura da bananeira 'Maçã' (Musa spp. na região noroeste do Estado de São Paulo Technical and economical analysis of 'Apple' banana tree (Musa spp. culture, in the northwest region of São Paulo State

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mariley de Castro Almeida da Silva

    2005-04-01

    Full Text Available Este trabalho foi realizado no Escritório de Desenvolvimento Rural - Jales, região noroeste do Estado de São Paulo, com o objetivo de efetuar um levantamento do potencial da cultura da banana 'Maçã' na região, determinando-se indicadores técnicos e econômicos de dois sistemas de produção, os quais utilizam, no plantio, mudas micropropagadas e convencional. O levantamento de dados necessários à realização da pesquisa nos aspectos ligados à elaboração das matrizes de coeficientes técnicos, base para estimativas de custos de produção, foi obtido diretamente junto a produtores da região, e a metodologia de custos foi baseada no custo total de produção. Os resultados econômicos mostraram-se satisfatórios na região para os dois sistemas de produção, mas a receita líquida obtida com a utilização de mudas micropropagadas foi 34% maior que a obtida no sistema convencional.This work has been carried out by the Rural Development Office of Jales, Northwest of São Paulo State, intending to survey the potential of the 'Apple' banana 's cultivation in this region, as well as determine the technical and economical indicators of two production systems, both using micro-propagated and conventional seedlings in the planting. The necessary data survey to accomplish this research in the aspects related to the elaboration of technical coefficient matrixes, a basis for estimating production costs, was obtained among the region producers, and the cost methodology was based in the total cost of production. The economical results turned out to be quite satisfactory in this region for both production systems, however the liquid income obtained from the utilization of micro-propagated seedlings was 34% greater than the one obtained from the conventional system.

  9. Produtividade e Qualidade de Frutos de Melancia em Função de Alterações na Relação Fonte-Dreno

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hamurábi Anízio Lins

    2013-10-01

    Full Text Available As hortaliças de frutos são cultivadas em todas as regiões do Brasil, e no nordeste, em que as condições de solo e clima favorecem o crescimento e desenvolvimento das plantas e dos frutos, o cultivo de plantas da família das Cucurbitáceas tem se destacado proporcionando a obtenção de plantas com alta produtividade e qualidade dos frutos colhidos. A melancieira é uma planta que permite várias formas de manipulação da relação entre a fonte e o dreno. Estas alterações na fonte e no dreno exercem influência na produtividade e qualidade dos frutos na colheita. O objetivo deste trabalho foi avaliar a produtividade e qualidade de frutos de melancieira em função de alterações na relação entre fonte e o dreno. No experimento os tratamentos constaram da condução da poda da haste dominante em diferentes épocas de cultivo (25, 30, 35 e 40 dias após o transplante - DAT e do número de frutos por planta (1 e 2. O experimento foi instalado no DBC em parcelas subdivididas com quatro repetições. As modificações induzidas na planta de melancieira por meio de podas e raleio de frutos proporcionaram alterações na relação fonte e dreno sendo benéfica para as características de produtividade e qualidade dos frutos. A poda da haste principal aos 35 DAT elevou a massa dos frutos e produtividade independente do número de frutos na planta. Plantas conduzidas com dois frutos proporcionaram redução na massa do fruto e dos sólidos solúveis e elevação na produtividade da cultura.

  10. Análise de trilha em caracteres de frutos de jabuticabeira

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vanessa Padilha Salla

    2015-03-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi identificar os efeitos diretos e indiretos de caracteres dos frutos de jabuticabeira (Plinia cauliflora sobre o rendimento de polpa e o teor de antocianinas na casca. Foram coletados frutos de 36 jabuticabeiras, em cinco locais de ocorrência, na região Sudoeste do Paraná. Diferentes estratégias de análise de trilha foram utilizadas na avaliação dos seguintes caracteres dos frutos: peso e diâmetro; rendimento de polpa; percentual de sementes e casca; teores de sólidos solúveis totais, acidez titulável, antocianinas e flavonoides; e número de sementes por fruto. A estratégia de análise de trilha com regressão em crista teve melhor desempenho que a de análise com exclusão de caracteres, principalmente sob presença de multicolinearidade severa no conjunto de dados. O percentual de polpa e o teor de sólidos solúveis totais podem servir de critérios de seleção indireta no aumento do teor de antocianinas na casca da jabuticaba. O percentual de casca é a principal característica com efeito determinante no percentual de polpa de jabuticabas, e a seleção indireta para frutos com menor quantidade de casca pode ser eficaz para aumentar o rendimento de polpa.

  11. PRODUÇÃO E QUALIDADE DE FRUTOS HÍBRIDOS DE MARACUJAZEIRO-AMARELO NO NORTE DO PARANÁ

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    RICARDO SFEIR AGUIAR

    2015-03-01

    Full Text Available RESUMO Atualmente, encontram-se quatorze cultivares de maracujazeiro-amarelo no Registro Nacional de Cultivares do Ministério da Agricultura. É de grande importância o aprimoramento de trabalhos de melhoramento genético nessa cultura, para favorecer a disponibilização de novas cultivares adaptadas às regiões produtoras. Assim, o objetivo deste trabalho foi avaliar a produção e as características qualitativas dos frutos de treze híbridos de maracujazeiro-amarelo cultivados no norte do Paraná. As avaliações foram realizadas durante dois ciclos de produção da cultura, de abril a julho de 2009 e de janeiro a julho de 2010, com coletas semanais dos frutos maduros. A produção foi determinada por meio da pesagem dos frutos colhidos e do número de frutos por planta. Para as características qualitativas, foram avaliados: massa, comprimento, diâmetro, relação entre comprimento e diâmetro dos frutos, espessura da casca, rendimento de polpa, teor de sólidos solúveis totais (SST, acidez total titulável (ATT e relação SST/ATT . Os híbridos ‘66’ e ‘65’ apresentaram, respectivamente, maior produção e maior número de frutos no acumulado das duas safras. Os frutos do híbrido ‘72’ destacaram-se no atendimento das características desejáveis de qualidade para o consumo in natura, enquanto o híbrido ‘69’ apresentou caracteristicas importantes para a indústria de suco.

  12. Produção de blends a partir de frutos tropicais e nativos da Amazônia Production of blends based on tropical and native fruits from brazilian Amazon

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leandro Camargo Neves

    2011-03-01

    Full Text Available Neste trabalho, objetivou-se o enriquecimento nutricional de néctares de frutos, pelo processamento de blends, usando-se fruteiras tropicais e Amazônicas produzidas em Roraima. Foram utilizados néctares de abacaxi, buriti, caju, camu-camu, carambola, maracujá, murici, lima-ácida Tahiti e taperebá. Foi realizado um ensaio preliminar onde se constatou que os néctares de abacaxi e maracujá seriam utilizados como matrizes e, dos quais, saíram os tratamentos: 2 controles - 100% de abacaxi e 100% de maracujá; 1 blend entre as matrizes - 50% de abacaxi + 50% de maracujá; 7 blends de cada matriz com cada fruto escolhido, na proporção de 1:1. Foram adicionados benzoato de sódio e dióxido de enxofre, nas concentrações de 500 e 200 ppm, respectivamente, em todos os néctares e blends trabalhados. Os resultados referentes à composição nutricional dos blends refletiram aumento significativo nos valores nutricionais quando em comparação com as matrizes, bem como com os néctares individuais de cada fruto. O mesmo comportamento foi observado mesmo após 10 dias de armazenamento não refrigerado. Com relação à estabilidade microbiológica, apenas os blends que utilizaram o buriti como componente apresentaram comprometimento. As análises químicas dos blends demonstraram padrões distintos das matrizes; entretanto, quando submetidos à análise sensorial, mostraram-se satisfatórias por parte dos julgadores. As composições que mais agradaram os julgadores foram os blends de ambas as matrizes associadas ao camu-camu e murici.The aim of this work was to obtain the nutritional enrichment of nectars of fruits, by means of blends processament, using tropical and Amazonian fruit produced in Roraima. Nectars of pineapple, buriti, cashew, camu-camu, star fruit, passion fruit, murici, Tahiti lime and taperebá were used. A preliminary assay was carried out where it was observed that the nectars of pineapple and passion fruit would be used as

  13. VALOR NUTRICIONAL DE PLEUROTUS DJAMOR CULTIVADO EM PALHA DE BANANEIRA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jamile Rosa RAMPINELLI

    2010-11-01

    Full Text Available

    Cogumelos do gênero Pleurotus representam um alimento de custo baixo, com teor elevado de proteínas, aminoácidos essenciais, proporção elevada de ácidos graxos insaturados, diversas vitaminas e minerais, além de teores baixos de gorduras, ácidos nucléicos, açúcares e calorias. Assim, o objetivo deste trabalho foi avaliar o valor nutricional de basidiomas de Pleurotus djamor de 1o e 2o fluxo produtivo, cultivados em palha de bananeira, em termos de teores de carboidratos, proteínas, fi bras, gorduras, cinzas, vitaminas, fósforo e potássio. Os teores de carboidratos totais, proteína bruta, fi bra bruta e cinzas diminuíram do 1o para o 2o fl uxo produtivo de 32,7 para 27,4g/100g, de 20,5 para 19,8g/100g, de 22,4 para 12,7g/100g e de 7,4 para 6,3g/100g, respectivamente. Os valores de gordura bruta e umidade não variaram, permanecendo em torno de 1,1 e 90g/100g, respectivamente. Os teores de vitamina B1 foram superiores aos de vitamina B2, independentemente do fluxo produtivo, e foi encontrada maior quantidade de potássio do que de fósforo. Pleurotus djamor, de 1o fl uxo produtivo, pode ser considerado fonte de fósforo e potássio, além de apresentar baixo teor de açúcar e não conter gordura.

  14. Falsa broca aumenta disseminação de Beauveria bassiana em populações de campo da broca-do-rizoma da bananeira West Indian Sugarcane Weevil enhances dissemination of Beauveria bassiana on field populations of the banana weevil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Giuliano Pauli

    2011-11-01

    Full Text Available A transmissão horizontal de fungos entomopatogênicos tem papel importante na epizootiologia, pois está diretamente associada à disseminação do agente causal da doença de insetos. Em hospedeiros que apresentam restrita mobilidade, a presença de pragas secundárias no agroecossistema pode ajudar na formação de focos secundários da doença e, com isso, aumentar a mortalidade das pragas-chave. Para tanto, a disseminação de Beauveria bassiana, introduzida inoculativamente através de iscas tipo telha, foi avaliada em um bananal infestado por Cosmopolites sordidus (Piracicaba e outro por C. sordidus e Metamasius hemipterus (Botucatu. Constatou-se que, em Piracicaba, não foram capturados insetos infectados na testemunha, sendo os índices de infecção nas parcelas que receberam B. bassiana de 8 e 15%. Em Botucatu, o índice de infecção dos insetos capturados na testemunha chegou a 17%, enquanto que, nas parcelas tratadas, variou de 28 a 54%. Os resultados obtidos neste trabalho demostram que a presença de M. hemipterus influenciou na disseminação de B. bassiana para a população de C. sordidus, praga-chave dessa cultura.Horizontal transmission of entomopathogenic fungi plays an important role in the epizootiology, because it is directly associated with the spread of causal agents of insect diseases. In hosts with restricted mobility, the presence of secondary pests in the agroecosystem can help in the formation of secondary disease outbreaks and increase the mortality of the target pest. For this purpose, the dissemination of Beauveria bassiana inoculated using tile-type baits was evaluated in a banana plantation infested with Cosmopolites sordidus (Piracicaba and one with C. sordidus and Metamasius hemipterus (Botucatu. In Piracicaba, insects contaminated with the pathogen were not found in the control group, and infection rates in the plots that received B. bassiana ranged between 8 and 15%. In Botucatu, the infection rate of

  15. Avaliação do uso da casca do fruto e das folhas de Caesalpinia ferrea Martius como suplemento nutricional de Fe, Mn e Zn Evaluation of the use of the fruit peel and leaves of Caesalpinia ferrea Martius as a nutritional supplement of Fe, Mn and Zn

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Clelivaldo Santos da Silva

    2010-09-01

    Full Text Available As plantas medicinais podem ser usadas como fontes alternativas de nutrientes minerais na dieta alimentar. Elementos como ferro, manganês e zinco apresentam biodisponibilidade variável em função de suas formas químicas (espécies presentes em um alimento. Este trabalho tem como objetivo avaliar o teor e a biodisponibilidade de ferro, manganês e zinco em extratos da casca do fruto e das folhas de Caesalpinia ferrea Martius por Espectrometria de Absorção Atômica com Chama (FAAS. Os agentes extratores testados foram as soluções de NaOH 0,05 mol. L-1, tampão Tris-HCl 0,05 mol.L-1 (pH= 8, tampão Tris-HCl 0,05 mol.L-1 (pH = 8 em dodecil sulfato de sódio (SDS 1% (m/v, HCl 0,05 mol.L-1 e água quente (60 ºC. A casca do fruto e as folhas de Caesalpinia ferrea Martius apresentaram níveis altos de ferro e manganês quando comparados aos de outras plantas medicinais. Os elementos estudados mostraram predominante associação com compostos de alta e baixa massa molecular, espécies solúveis e insolúveis em água. Dentre os elementos analisados, o ferro apresentou melhor biodisponibilidade na casca do fruto e nas folhas. Manganês e zinco se mostraram mais biodisponível nas folhas. A casca do fruto e as folhas de Caesalpinia ferrea Martius podem ser uma fonte alternativa de ferro, manganês e zinco na dieta alimentar.Medicinal plants can be used as alternative sources of mineral nutrients in the alimentary diet. Elements such as iron, manganese, and zinc present variable bioavailability due to their chemical form (species present in foods. This work has the objective of evaluating the concentration and bioavailability of iron, manganese, and zinc in extracts of the peel and leaves of Caesalpinia ferrea Martius by Flame Atomic Absorption Spectrometry (FAAS. The extraction agents tested were 0.05 mol.L-1 NaOH, 0.05 mol.L-1 Tris-HCl buffer (pH 8.0, 0.05 mol.L-1 Tris-HCl buffer (pH 8.0 containing 1% (m/v sodium dodecylsulfate (SDS, 0.05 mol.L-1

  16. Effect of drying and soaking fruits and seeds on germination of macaw palm (Acrocomia aculeata [Jacq.] Loddiges ex MART.=Efeito da secagem e embebição de frutos e sementes na germinação de macaúba (Acrocomia aculeata [Jacq.] Loddiges ex MART.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcus Vinícius Vieira da Silva

    2012-04-01

    Full Text Available This study evaluated mechanisms of the dehydration and rehydration of fruits and seeds on the resulting embryo viability of the macaw palm, Acrocomia aculeata (Jacq. Loddiges ex Mart. Dehydration was performed in a forced-air oven at 37 ± 2°C for 0, 3, 6, 9, 12 or 15 days, and after these periods, the embryo viability was evaluated by the tetrazolium test. The effect of hydration on the germination percentage and velocity index was evaluated by the imbibition of seeds with distilled water in a germinator at 30 ± 2°C for 0, 2, 4, 6, 8 or 10 days. The seeds were then treated with fungicide and maintained in a Mangelsdorf germinator at 30 ± 2°C. Drying caused a progressive water loss in the fruits and facilitated the extraction of the seeds. Fruits subjected to drying for up to nine days had no loss of vigor; however, after dehydration for 15 days, a loss in seed viability was observed. Simple linear regression estimated the seed water content based on the fruit water content. Seed imbibition in distilled water favored an increase in dead by fungally contaminated seeds.Objetivou-se com esse estudo elucidar os mecanismos de desidratação e hidratação de frutos e sementes na viabilidade de embriões de macaúba Acrocomia aculeata (Jacq. Loddiges ex Mart. A desidratação foi realizada em estufa de circulação de ar, ajustada a 37 ± 2°C por 0, 3, 6, 9, 12 e 15 dias, após esses períodos, foi avaliada a viabilidade dos embriões pelo teste de tetrazólio. O efeito da hidratação na porcentagem e velocidade de germinação foi avaliado pela embebição das sementes em água destilada em germinador com temperatura a 30 ± 2°C por 0, 2, 4, 6, 8 e 10 dias. As sementes foram tratadas com fungicida e mantidas em germinador do tipo Mangelsdorf. A secagem promoveu perda pregressiva no conteúdo de água dos frutos e facilitou a extração das sementes. Quando os frutos foram secos por nove dias não há perda de vigor, no entanto, depois de 15

  17. Tolerância de frutos de pessegueiro a geadas Fruit frost tolerance in peach

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    André Paulo Assmann

    2008-12-01

    Full Text Available Este trabalho teve como objetivo avaliar a tolerância de frutos de pessegueiro aos danos ocasionados pela geada. A geada ocorreu no dia 5 de setembro de 2006, sendo que a temperatura mínima, a 1,5 m do solo, foi de - 1,06ºC. Foram avaliados 28 genótipos de pessegueiro em diferentes estádios fenológicos. O delineamento experimental foi o inteiramente casualizado, com três repetições (plantas de pessegueiro, procedendo-se à avaliação em seis ramos por planta. No dia em que ocorreu a geada, foram mensurados o número de frutos por ramo, diâmetro sutural médio dos frutos, número total de gemas vegetativas, percentual de brotação e percentual de brindilas formadas a partir das gemas brotadas. Uma segunda avaliação foi realizada 15 dias após a primeira, para avaliar o percentual de queda de frutos e o diâmetro sutural médio dos frutos remanescentes. Genótipos bem enfolhados e cujos frutos apresentavam endocarpo endurecido, no momento da ocorrência da geada, foram tolerantes ao dano ocasionado pelo frio; frutos com diâmetro sutural inferior a 20 mm foram suscetíveis à geada, enquanto frutos com diâmetro sutural superior a 30 mm apresentaram boa tolerância, independentemente do genótipo avaliado.The aim of this work was to evaluate the fruit damage tolerance in different peach tree genotypes after natural freeze. The frost happened on September 5, 2006, and the minimum temperature, 1.5 meters over soil, was -1.06ºC. Twenty- eight peach tree genotypes, in different stages of development, were evaluated, in a completely random design, in three replication (plants and six branches by plants. Immediately after frost, we measured the number of fruits per branches, average fruit suture diameter, percentage of sprouts and percentage of twigs in formation. A second evaluation was accomplished fifteen days after the first one in order to assess the percentage of fruit drop and the average remaining fruit suture diameter. Genotypes

  18. BIORREGULADORES NA MORFOLOGIA E NA PRODUTIVIDADE DE FRUTOS DE TOMATEIRO CULTIVAR ÂNGELA GIGANTE

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    MARTINS MARIA BERNARDETE GONÇALVES

    1997-01-01

    Full Text Available O presente trabalho teve como finalidade observar aspectos morfológicos dos frutos de tomateiro, Lycopersicon esculentum Mill. cv. Ângela Gigante, submetidos à ação de biorreguladores, com ou sem adubação adicional, e determinar as possíveis alterações na produtividade. Foram desenvolvidos, em casa de vegetação, em épocas distintas, dois ensaios. As mudas foram selecionadas e transplantadas para vasos com capacidade de 12 L de terra, contendo uma mistura de solo argiloso, areia, matéria orgânica e uma adubação mineral complementar de N, P, K. No segundo ensaio, após o transplante das mudas, além da adubação mineral complementar de N, P, K, efetuaram-se adubações adicionais (fertirrigação. Em ambos os ensaios, quando as plantas atingiram quatro folhas definitivas, realizaram-se as pulverizações com GA3 50 mg/L; NAA 100 mg/L; CCC 1.500 mg/L e SADH 3.000 mg/L. Realizaram-se, nos dois ensaios, quatro coletas de frutos maduros por planta. De modo geral, para o primeiro, o tratamento com CCC mostrou tendência em aumentar o número e a massa total de frutos por planta em relação à testemunha e aos demais tratamentos, enquanto o tratamento com NAA obteve efeito contrário. O ensaio com fertirrigação adicional não provocou alterações significativas na produção de frutos; no entanto, no tratamento com SADH, ocorreu maior incidência de anomalias. O tratamento com GA3 ocasionou, em alguns frutos, a maturação precoce da placenta em relação ao pericarpo e eventuais formações de frutos geminados. Não se observaram diferenças morfológicas significativas em relação ao comprimento e ao diâmetro médio de frutos provenientes do primeiro ensaio, porém frutos de plantas tratadas com CCC e de plantas testemunha, provindos do segundo ensaio, mostraram maior diâmetro.

  19. Variabilidade e caracterização de frutos de pitangueiras em municípios baianos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alex Batista Dias

    2011-12-01

    Full Text Available O presente trabalho teve como objetivo obter informações sobre as características morfológicas dos frutos das pitangueiras localizadas em cinco municípios do Estado da Bahia. Os genótipos foram identificados, georreferenciados com o auxílio de GPS e de cada genótipo foram coletados 30 frutos no estádio de maturação fisiológica, avaliando-se: massa, comprimento e diâmetro do fruto, massas da polpa e das sementes, pH, acidez titulável, teor de sólidos solúveis e relação SS/AT. Os dados foram submetidos à análise descritiva, obtendo-se medidas de centralidade e de dispersão, correlação linear entre os caracteres e análise multivariada de agrupamento. Os resultados revelaram a existência de variabilidade para a maioria das características avaliadas, em especial para a massa do fruto, da semente e da polpa. Houve a formação de cinco grupos principais de dissimilaridade genética para a população geral, sendo a menor distância genética (0,22 verificada entre os genótipos IN3 e IN8 provenientes do município de Inhambupe. Os genótipos apresentam frutos com características de interesse para exploração comercial com porcentagem de polpa acima de 68%, sendo possível a identificação de materiais que reúnem altos valores para massa do fruto, massa da polpa, sólidos solúveis (SS, acidez titulável (AT e SS/AT.

  20. Comportamento de forrageamento de abelhas e outros insetos nas panículas da mangueira (Mangifera indica L. e produção de frutos = Forage behaviour of bees and other insects on mango flowers (Mangifera indica L. and fruit production

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Darclet Terezinha Malerbo-Souza

    2009-07-01

    Full Text Available O experimento foi conduzido com o objetivo de se estudar a frequência,constância, o tipo de coleta (néctar e/ou pólen e comportamento de forrageamento dos insetos visitantes às flores da mangueira (Mangifera indica L. e seu efeito na produção de frutos. A frequência e o tipo de coleta dos insetos nas flores foram obtidos durante os primeiros 10 min. em cada horário, das 7 às 18h, com três repetições em cada ano. O teste de polinização foi realizado, utilizando-se dois tratamentos: panículas cobertas para se impedir a visita dos insetos e panículas descobertas (controle nas quais foi permitida a visita dos insetos. Os insetos da ordem Diptera, a abelha Tetragonisca angustula e o coleóptero Diabrotica speciosa foram espécies constantes nas panículas da mangueira, e os dípteros foramos mais frequentes. A porcentagem de frutificação foi maior nas flores visitadas pelos insetos.This research was carried out to study the frequency and constancy of visitors on mango inflorescence (Mangifera indica L. as well ascollection type (nectar and pollen, its forage behaviour and these effects on fruit production. The frequency and collection type by insects on flowers were obtained in the first ten minutes of each hour between 7:00 a.m. and 6:00 p.m., with three replications in two years. The pollination test was performed with two treatments: overed flowers and uncovered flowers with free insect visits. Diptera order insects, stingless bees Tetragonisca angustula and Diabrotica speciosa were constant species on mango flowers, and Diptera insectswere the more frequent visitors. Fruition percentage was higher in flowers visited by insects.

  1. Avaliação de características físico-químicas de frutos de duas espécies de pitaya

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristiane Andréa de Lima

    2014-06-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar características físico-químicas dos frutos de 21 acessos de duas espécies de pitaya, Hylocereus undatus e Selenicereus setaceus. Foi utilizado um delineamento inteiramente ao acaso, com quatro repetições, sendo cada repetição a média de três frutos. Foram analisados comprimento e diâmetro dos frutos, sólidos solúveis, massa total da casca e da polpa dos frutos. As análises de variância foram realizadas por meio do programa Genes e as médias foram comparadas pelo teste Scott e Knott, a 5% de significância. Foram determinados os coeficientes de correlação de Pearson entre as diferentes características analisadas. Os acessos 02 e 05 da espécie H. undatus destacam-se por apresentarem maiores comprimento, diâmetro e massa dos frutos, comparando com os dos demais acessos. A espécie S. setaceus apresenta maior teor de sólidos solúveis da polpa dos frutos, diferenciando-se significativamente da espécie H. undatus. Altos valores foram encontrados para herdabilidade e CVg, para as características físicas dos frutos de pitaya, estimativas importantes para se determinarem estratégias de seleção e para se estimar o ganho genético. Os resultados das correlações indicam que quanto maior o tamanho e a massa, menor é o teor de sólidos solúveis na polpa dos frutos de pitaya.

  2. Propriedades mecânicas dos frutos de baru (Dipteryx alata Vogel

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniel Emanuel Cabral de Oliveira

    2017-03-01

    Full Text Available Neste trabalho objetivou-se verificar a influência do teor de água e da temperatura de secagem nos valores da força máxima de compressão para deformações fixas (1, 2, 3, 4, 5, 6 e 7 mm, força de ruptura e no módulo proporcional de deformidade nos frutos de baru (Dipteryx alata Vogel, submetidos à compressão na posição natural de repouso. Foram utilizados frutos de baru com teores de água variando de 0,333 a 0,053 (decimal b.s., secos nas temperaturas de 60, 80 e 100 °C. A redução do teor de água ao longo da secagem foi acompanhada pelo método gravimétrico (perda de massa, conhecendo-se o teor de água inicial do produto, até atingir o teor de água final. Concluiu-se que a força de compressão necessária para deformar os frutos de baru diminui com o aumento do teor de água, independentemente da temperatura de secagem. O módulo proporcional de deformidade aumenta com a redução do teor de água para todas as temperaturas estudadas. A redução do teor de água eleva a força necessária à ruptura dos frutos de baru, independentemente da temperatura de secagem. As forças de ruptura para as temperaturas de 60 e 100 °C podem ser representadas por um único modelo.

  3. Detección de impactos con frutos electrónicos

    OpenAIRE

    Jaren Ceballos, Carmen; Anderson, George; Ruiz-Altisent, Margarita; Muir, Andrew

    1992-01-01

    Cada vez que los frutos y hortalizas se manipulan, se producen daños y, por tanto, pérdidas de calidad y pérdidas económicas. Los productos Electrónicos Simulados SEP miden y registran las fuerzas que intervienen en estos procesos. Por ello, se pueden utilizare para localizar los puntos que causan daños en las cosechadoras y en las líneas de manipulación. De esta manera, se pueden hacer las modificaciones oportunas para eliminar los daños por impactos en frutas y hortalizas. En este artículo ...

  4. Produtividade e qualidade de frutos de pepino africano em resposta à adubação nitrogenada

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Guilherme Antunes

    2014-02-01

    Full Text Available O pepino africano (Cucumis metuliferus é uma planta nativa do continente africano, com potencial para comércio internacional, destinado tanto ao consumo, na forma de sucos, como ao uso farmacêutico. Todavia, pouco se sabe sobre seu manejo cultural, em nossas condições, sobretudo quanto à adubação nitrogenada. Objetivou-se, com este trabalho, avaliar o efeito de doses de nitrogênio sobr e o crescimento da planta, a produtividade e a qualidade de frutos. O trabalho foi conduzido em casa de vegetação, em vasos de 10 L. Constou de seis tratamentos, correspondentes às doses de N de 0, 40, 80, 120, 160 e 200 kg ha-1, distribuídas no delineamento inteiramente casualizado, com 11 repetições. Avaliaram-se: produção de frutos, massas de matéria seca de parte aérea e de raízes e características físicas e químicas de frutos. O número de frutos e a massa de matéria fresca de frutos apresentaram valores máximos estimados de 2,24 frutos/planta e de 516,41 g/planta, respectivamente, com as doses de 122,50 e de 154,44 kg ha-1 de N. A massa média de fruto estimada foi de 240,27 g/fruto, obtida com a dose máxima testada (200 kg ha-1 de N. A massa seca de parte aérea teve máximo estimado de 39,12 g/planta, com a dose de 144,0 kg ha-1 de N. As doses de N não interferiram na qualidade dos frutos. Para o cultivo do pepino africano, sugere-se a dose de 154,44 kg ha-1 de N, que proporciona 2,18 frutos/ planta, com massa média de 237,07 g/fruto, e produtividade estimada de 516,41 g/planta.

  5. Composição nutricional do fruto de licuri (Syagrus coronata (Martius) Beccari)

    OpenAIRE

    CREPALDI, IARA CÂNDIDO; ALMEIDA-MURADIAN, LIGIA BICUDO DE; RIOS, MAGDA DIAS GONÇALVES; PENTEADO, MARILENE DE VUONO CAMARGO; SALATINO, ANTONIO

    2001-01-01

    A palmeira Syagrus coronata, licuri, nativa do sertão baiano, é importante fonte de alimento para pessoas e animais. Sua amêndoa é usada como substituta do milho para a alimentação das aves. A composição nutricional indicou que o fruto é altamente calórico. Os principais constituintes das amêndoas são lipídeos e proteínas. Na polpa, o beta-caroteno é um importante constituinte. Discute-se a utilização dos frutos como complemento vitamínico de escolares da área rural da caatinga baiana. Lic...

  6. Contribuição dos frutos no conteúdo de massa seca e nutrientes na melancieira fertirrigada com diferentes doses de N e P

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Max Venicius Teixeira da Silva

    2014-07-01

    Full Text Available 800x600 Na cultura da melancia, a nutrição mineral é um dos fatores que mais contribuem na produtividade e qualidade dos frutos. O delineamento experimental utilizado foi em blocos inteiramente casualizados em arranjo fatorial com cultivo em faixas (4 x 4 + 2, resultando em 32 tratamentos, com 3 repetições.Os tratamentos foram formados por quatro doses de nitrogênio – N (N1 - 0; N2 - 48; N3 - 121; N4 - 218 kg ha-1 combinadas com quatro doses de fósforo – P2O5 (P1 - 0; P2 - 88; P3 - 220; P4 - 397 kg ha-1 em esquema fatorial, com duas cultivares de melancia nas subparcelas em faixas. Os frutos da cultivar Olímpia participaram com mais da metade da matéria seca  total da planta, já a cultivar leopard, os frutos tiveram menos de50% na participação do matéria seca total da planta. O potássio foi o nutriente mais acumulado nos frutos em ambas as cultivares, seguindo do nitrogênio e calcio. Na cultivar Olímpia, os frutos do tratamento 2 teve um maior acúmulo de N, P e K em relação aos demais tratamentos, já o calcio e magnésio foram mais acumulado nos frutos do tratamento 3, na cultivar Leopard, os frutos do tratamento T3 acumularam maior quantidade de N e P, o tratamento 1 foi Ca e Mg e o Tratamento 2 acumulou maior quantidade de potássio. Normal 0 21 false false false PT-BR X-NONE X-NONE

  7. Adubação nitrogenada e potássica em bananeira 'Pacovan' (musa AAB, subgrupo prata na chapada do Apodi, Estado do Ceará Nitrogen and potassium fertilization for banana 'Pacovan' (musa AAB, prata subgroup at the Apodi plateau in the State of Ceará

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Olmar Baller Weber

    2006-04-01

    Full Text Available Este trabalho teve por objetivo avaliar o efeito do nitrogênio e do potássio na produção de bananeiras 'Pacovan', sob irrigação, durante três ciclos, e a qualidade dos frutos obtidos no primeiro ciclo de cultivo na chapada do Apodi, no Estado do Ceará, Brasil. A adubação de base consistiu na aplicação de 20 L planta-1 de esterco de curral, 200 g planta-1 de fosfato monoamônico e 100 g planta-1 de FTE-BR12. A partir de 4,5 meses do plantio, mensalmente, aplicou-se 1/12 das doses de N:K2O (180:330; 180:770; 420:330; 420:770; 30:330; 570:770; 180:55; 420:1.045 e 300:550 kg ha-1, utilizando-se como fonte da uréia e do cloreto de potássio. Não houve influência do potássio na produtividade durante os três ciclos de cultivo, sugerindo-se a dose de 55 kg de K2O ha-1 ano-1. Entretanto, a adubação nitrogenada aumentou o número de frutos no cacho durante o segundo ciclo, permitindo estimar a dose ótima (198,3 kg de N ha-1 ano-1. Os teores de sólidos solúveis, açúcares solúveis e acidez titulável total das bananas colhidas durante o primeiro ciclo foram afetados pela adubação nitrogenada e potássica.The objective of this work was to evaluate nitrogen and potassium effects on the production of banana trees 'Pacovan', under irrigation, during three cycles, and the fruit quality during the 1st cycle, at the Apodi plateau in the State of Ceará, Brazil. The basic fertilization consisted of the application of 20 L plant-1 of cattle manure, 200 g plant-1 of mono-ammonium phosphate and 100 g of FTE-BR12 plant-1. Four and a half months aster planting, were applied, monthly, 1/12 of the doses of N:K2O (180:330; 180:770; 420:330; 420:770; 30:330; 570:770; 180:55; 420:1045 e 300:550 kg ha-1, using as source, urea and potassium chloride. The crop productivity was not affected by potassium during three yield cycles, suggesting the dose of 55 kg ha-1 year-1 of K2O. However, the nitrogen fertilization increased the number of fruits on

  8. Caracterização e qualidade de frutos de umbu-cajá (Spondias tuberosa X S. mombin provenientes do Recôncavo Sul da Bahia Characterization and quality of umbu-caja fruits (Spondias tuberosa X S. mombin procceeding from the Southern Reconcavo in Bahia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Márcio Barros dos Santos

    2010-12-01

    Full Text Available O Recôncavo Sul da Bahia apresenta uma significativa riqueza de fruteiras nativas com grande potencial alimentício. Além de indicativos etnológicos sobre seus usos como alimento, pouco se conhece sobre elas, principalmente sobre sua composição bromatológica. A exemplos destas fruteiras, encontram-se os frutos do umbu-cajá (Spondias tuberosa X S. mombin que são amplamente consumidos in natura ou na forma de produtos processados em quase todo o Brasil. Devido à crescente aceitação de seus produtos e à incessante busca por novos sabores, as agroindústrias vêm despertando o interesse tanto para o mercado interno quanto para exportações. Entretanto, apesar do forte interesse comercial, poucos estudos foram efetuados na busca de respostas sobre a sua composição. Nesse sentido, este trabalho teve o objetivo de efetuar a caracterização física, físico-química e mineralógica dos frutos de umbu-cajá cultivados nas condições climáticas do Recôncavo Sul da Bahia. Foram realizadas análises de peso do fruto e da casca; tamanho e diâmetro; percentagem de casca, semente e polpa; pH; sólidos solúveis totais; acidez titulável; relação sólido solúveis/acidez (Ratio; índice tecnológico; açúcares (redutores, não redutores e totais; vitamina C; proteína; umidade; lipídios; fibra bruta; amido; e minerais (fósforo, ferro, cálcio, sódio e potássio. Os frutos apresentaram tamanho grande (23,18g com rendimento considerável de polpa (69,70 % e razoáveis valores de açucares (7,49 %, acidez (1,32 %, fibras (1,36 %, vitamina C (8 mg /100g e minerais ( Na-40 mg /100g; K-44mg /100g; P-17,76mg /100g; Fé-0,59mg /100g; e Ca-12,25mg /100g, demonstrando ser uma alternativa para o mercado de frutas in natura, bem como para a agroindústria na região.The Southern Reconcavo in Bahia has a significant wealth of native plants with high nutritional potential. Besides ethnological indicative of their uses as food, little is known about

  9. Ganhos de eficiência fertilizante em bananeira sob irrigação e fertirrigação Enhancing nutrient use efficiency in banana due to irrigation and fertigation

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Antonio Junqueira Teixeira

    2011-03-01

    Full Text Available O aumento da eficiência fertilizante tem sido cada vez mais almejado nas boas práticas de manejo da adubação de culturas, não somente buscando reduzir custos de produção, mas também reduzir possíveis impactos ambientais. Com o objetivo de avaliar a eficiência dos fertilizantes nitrogenados e potássicos no cultivo da bananeira, foram realizados dois experimentos de campo com a cultivar 'Nanicão' (Musa AAA, subgrupo Cavendish, no Planalto do Estado de São Paulo, durante quatro ciclos de produção. Esta região caracteriza-se por estação chuvosa no verão e seca no inverno. No primeiro experimento, avaliou-se a eficiência da aplicação das doses de N: 0; 200; 400 e 800 kg ha-1 e de K: 0; 300; 600 e 900 kg ha-1 de K2O, em sistema de cultivo irrigado, comparado ao de sequeiro. No segundo experimento, estudou-se a eficiência da adubação com N e K aplicada por fertirrigação e de modo convencional via solo. Nos dois experimentos, a irrigação e a fertirrigação foram feitas por microaspersão, empregando-se como fontes de N e de K nitrato de amônio e cloreto de potássio, respectivamente. A eficiência dos fertilizantes foi estimada pela relação entre a massa dos frutos produzidos por unidade de nutriente aplicado. Para a média das doses empregadas e dos ciclos de produção, observou-se que a irrigação incrementou a eficiência da adubação em relação ao sequeiro, em aproximadamente 36 % e 32 %, respectivamente, para nitrogênio e potássio. A aplicação de nitrogênio e potássio via fertirrigação promoveu aumento de 36 % na eficiência fertilizante em relação à adubação sólida convencional, via solo. Incrementos na eficiência dos fertilizantes decorrentes da irrigação e da fertirrigação possibilitaram diminuir os gastos com o uso destes insumos.The best nutritional practices aim to increase nutrient use efficiency in order to reduce production costs and environmental impacts. In order to evaluate

  10. ANTRACNOSE DO CAQUIZEIRO CAUSADA POR Colletotrichum horii: INCIDÊNCIA EM RAMOS, FOLHAS, FLORES E FRUTOS EM CAMPO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    RENATO REZENDE YOUNG BLOOD

    2015-06-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar a incidência em várias partes da planta e o desenvolvimento da antracnose do caquizeiro causada por Colletotrichum horiinas cultivares Fuyu e Kakimel produzidas sob os sistemas orgânico e convencional, respectivamente, nas safras de 2010/2011 e 2011/2012, em Campina Grande do Sul, Paraná, Brasil. Em cada pomar, 10 plantas foram selecionadas aleatoriamente, e 10 ramos do ano por planta, distribuídos ao redor dacopa, foram marcados para as avaliações de incidência de antracnose em ramos e folhas, a cada 15 dias. A quantificação de frutos caídos com ou sem sintomas da doença foi a cada 15 dias, durante o período de crescimento de frutos até a colheita, relacionada com a produção total. C. horii em flores foi avaliada em campo e também após incubação no laboratório. Infecção latente foi observada em frutos verdes coletados aos 90; 120 e 150 dias após a floração. Em ambas as safras, observou-se a queda de frutos com sintomas de antracnose entre os meses de janeiro e abril. C. horii é capaz de infectar flores, permanecer latente e provocar sintomas de antracnose em frutos imaturos. Frutos colhidos sadios apresentaram sintomas em pós-colheita após a incubação.

  11. Características físicas, físico-químicas e sensoriais da água de frutos de coqueiro anão verde oriundo de produção convencional e orgânica Physical, physical-chemical and sensorial characteristics of coconut water from green-dwarfed coconut palm from conventional and organic production

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniel Lima Verde da Silva

    2009-08-01

    Full Text Available Neste trabalho, objetivou-se comparar a qualidade da água de coco obtida de frutos de coqueiro anã verde, produzidos em dois sistemas distintos de produção: convencional e orgânico, mediante as análises físicas (cor da casca, peso, volume, comprimento e diâmetro, físico-químicas (sólidos totais, acidez titulável, pH, turbidez, açúcares solúveis totais e redutores e os minerais: (Ca, Mg, Na, K, Fe, Mn, P, sulfato, cloreto e C.E.; e análise sensorial. Foram realizados os seguintes parâmetros sensoriais: avaliação global, turbidez, doçura e sabor. Os frutos utilizados nesse experimento encontravam-se com 210 dias após a polinização das inflorescências e foram provenientes de dois plantios comerciais do município de Trairí- Ceará. O experimento foi desenvolvido no laboratório de Fisiologia e Tecnologia de Pós-Colheita da Embrapa Agroindústria Tropical, Fortaleza-CE. Foi observado, a partir dos resultados das análises físicas, que o coco produzido em sistema convencional é melhor do que os produzidos organicamente. Para todas as variáveis estudadas, porém apenas as medições de comprimento e peso mostraram diferenças importantes por meio do teste Tukey em um nível de 5% de probabilidade. Nas análises físico-químicas e análise sensorial não houve diferença significativa para os tratamentos.This work aimed to assess and compare the quality of coconut water produced in two different systems: standard and organic. The physical characteristics of the fruit were described (skin color, weight, water volume, length, and diameter, the physical-chemical characteristics of the water were assessed (total solid content, total titrable acidity, pH, turbidity, reducing and total soluble sugars, the mineral content was checked (Fe, P, K, Na, Ca, Mg, Mn, sulphate, chloride, and C.E., and the sensory analysis was conducted assessing the following parameters: overall evaluation, turbidity, sweetness, and flavor. The fruits

  12. Avaliação de variante somaclonal de porte baixo de bananeira 'Nanicão Jangada' (Musa sp em duas densidades Evaluation of a dwarf somaclonal variant of banana 'Nanicão Jangada' (Musa sp in two planting densities

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patricia da Costa Zonetti

    2003-12-01

    Full Text Available Avaliou-se, sob duas densidades de plantio, um variante somaclonal de porte baixo de bananeira, comparando-o com a variedade Nanicão Jangada que lhe deu origem. Os materiais genéticos 'Nanicão Jangada'(controle e o variante somaclonal representado pelas seleções 224 e 225 de um ensaio anterior, foram avaliados nos espaçamentos 2,0m X 2,0m (densidade 2500 plantas ha-1 e 3,0m X 2,0m (1666plantas ha-1, na Fazenda de Ensino e Pesquisa da Faculdade de Engenharia - UNESP, Campus de Ilha Solteira-SP. O ensaio foi conduzido em blocos ao acaso com cinco repetições, com utilização de mudas micropropagadas, sob irrigação por gotejamento, no período de dezembro de 1998 a março de 2001, com avaliação dos dois primeiros ciclos de produção. Constatou-se efeito da densidade e do ciclo sobre a produção estimada de frutos sendo que no cultivo mais denso, a média foi de 81,25 t.ha-1 no primeiro ciclo de produção e 67,93 t.ha-1 no segundo ciclo. No cultivo de menor densidade a produção estimada no primeiro ciclo foi de 51,35 t.ha-1 e 44,08 t.ha-1 no segundo. As seleções do variante de porte baixo apresentaram menor altura da planta e mostraram-se relativamente mais precoces e com produção semelhante a cv. Nanicão Jangada no primeiro ciclo. No segundo ciclo houve uma queda na produção do bananal, com maior intensidade para a seleção 225 do variante.A dwarf somaclonal variant of banana was evaluated under two planting densities. It was compared with the cultivar "Nanicão Jangada", the original clone from which the variant derived. The genotypes 'Nanicão Jangada'(control and the somaclone, represented by selections 224 and 225 from a previous experiment, were evaluated at spaced 2.0 m X 2.0 m (density of 2500 plants ha-1 and 3.0 m X 2.0 m (1666 plants ha-1 at the "Fazenda de Ensino e Pesquisa da Faculdade de Engenharia - UNESP", Campus de Ilha Solteira, SP. The experiment was conducted in randomized complete blocks with 5

  13. Caracterização físico-química de frutos de novos híbridos e linhagens de mamoeiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ronielli Cardoso Reis

    2015-03-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar genótipos de mamoeiro quanto às suas características físicas e físico-químicas, para identificar os mais promissores como novas cultivares comerciais. Foram realizadas análises de comprimento, diâmetro, diâmetro da cavidade interna, massa do fruto, espessura da polpa, firmeza do fruto com casca, firmeza da polpa, cor da polpa, acidez titulável, sólidos solúveis, pH, carotenoides totais e vitamina C em 22 genótipos. Observou-se variação significativa entre os genótipos para as características comprimento e massa dos frutos. Em relação à firmeza dos frutos com casca, 12 genótipos apresentaram firmeza superior à das cultivares comerciais Tainung No 1 e Sunrise Solo. A análise de correlação indicou que frutos com maior comprimento, diâmetro e diâmetro da cavidade interna tendem a apresentar maior peso e espessura de polpa, enquanto frutos com maiores teores de sólidos solúveis tendem a apresentar maior razão sólidos solúveis/acidez titulável, vitamina C e carotenoides totais. A linhagem L72, do grupo Solo, e o híbrido H36.45, do grupo Formosa, apresentam frutos com características físicas e físico-químicas semelhantes ou superiores às das cultivares comerciais Sunrise Solo e Tainung No 1, respectivamente, e, portanto, são promissoras para o mercado.

  14. Saponinas dos frutos de ilex paraguariensis A. St. Hil. (mate) : desenvolvimento de metodologia analítica, estudos físico-químico e biológico

    OpenAIRE

    Maria Paula Garofo Peixoto

    2009-01-01

    O presente trabalho teve por objetivo a avaliação físico-química e biológica de uma fração de saponinas enriquecida, obtida a partir de frutos verdes de Ilex paraguariensis A. St. Hil (mate). A espécie apresenta grande importância econômica para vários países sul-americanos, dentre eles o Brasil. Os frutos verdes da espécie acumulam significativa quantidade de saponinas, entretanto, são considerados subproduto da indústria do beneficiamento das folhas de mate. O extrato liofilizado dos frutos...

  15. Nutrição mineral e qualidade do fruto do abacaxizeiro e do maracujazeiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jesus Aular

    2014-12-01

    Full Text Available Vários fatores influenciam a produtividade e a qualidade dos frutos do abacaxizeiro e do maracujazeiro, dentre os quais se destacam: o clima, o solo e as práticas de adubação e de irrigação. A nutrição mineral é essencial para elevar a produtividade e melhorar a qualidade dos frutos; no entanto, há poucas informações sobre o efeito da adubação nestas duas frutíferas, especialmente sob condições tropicais. O objetivo desta revisão foi compilar e apresentar os principais resultados de pesquisas, nas quais foi avaliada a influência da nutrição mineral sobre a qualidade destas duas frutíferas. Consideraram-se as informações publicadas recentemente em revistas científicas, sendo as mesmas apresentadas para os macronutrientes de forma individual, em seguida para N-P-K e, por último, para os micronutrientes. A revisão da literatura mostrou que é difícil afirmar que algum elemento favorece ou não determinada característica dos frutos do abacaxizeiro e do maracujazeiro, já que os resultados são variáveis ou existe pouca informação. Em função disso, mais do que deixar estabelecidos os efeitos dos elementos minerais sobre a qualidade dos frutos, o que chama a atenção é a necessidade de pesquisar sobre este tema.

  16. Tratamento térmico e prochloraz no controle da antracnose em pós-colheita de frutos de banana 'Prata Anã' Thermotherapy and prochloraz to control of anthracnose on 'Prata Anã' bananas in post harvest conditions

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcelo Barreto da Silva

    2008-12-01

    Full Text Available O controle químico, térmico e a refrigeração são os processos mais utilizados no tratamento pós-colheita das bananas. O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito do tratamento térmico, químico e da combinação dos dois métodos e estes associados à baixa temperatura de conservação no controle da antracnose na pós-colheita da banana. Para tanto os experimentos foram realizados em três épocas quando, bananas (Musa sp da variedade 'Prata Anã' (AAB no estádio pré-climatérico eram coletadas e suas pencas individualizadas. As pencas foram submetidas a quatro tratamentos com cinco repetições cada: 1. Tratamento térmico (imersão em água a 56ºC por seis minutos, seguido de resfriamento em água à temperatura ambiente; 2. Tratamento químico por seis minutos (imersão em calda fungicida (prochloraz 2,5 mL.L-1; 3. Tratamento térmico seguido do químico; 4. Testemunha, imersão em água por seis minutos. Após os tratamentos, as pencas eram divididas em duas partes iguais, sendo que uma parte ficou em câmara fria (14ºC com variação de 2ºC e a outra permaneceu à temperatura ambiente. O tratamento térmico não foi eficiente no controle da doença. O fungicida prochloraz a 2,5 mL.L-1 foi eficiente no controle da podridão pós-colheita. A refrigeração retardou o surgimento da doença em até 12 dias. Os resultados indicam que a baixa temperatura, associada ou não ao controle químico, é capaz de controlar a podridão pós-colheita dos frutos por 12 dias.Chemical control and refrigeration are two processes usually adopted in the treatment of the banana post harvest rot. This work has for objective to evaluate the effect on the control of the anthracnose in banana post harvest of the chemotherapy, of the thermotherapy, of the combination of the two listed methods and these all associated to the low conservation temperature. The experiments were replicate three times where banana fruit (Musa sp of the variety 'Prata An

  17. Avaliação microscópica da endogenia microbiana em reatores UASB concêntricos, tratando água residuária do processamento dos frutos do cafeeiro por via úmida - doi: 10.4025/actascitechnol.v33i2.8291

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Júlia Ferreira da Silva

    2011-04-01

    Full Text Available Com a utilização de duas técnicas de microscopia, eletrônica de varredura (MEV e de epifluorescência, objetivou-se investigar o processo de endogenia da biomassa presente em reatores de manta de lodo e fluxo ascendente (UASB, do inglês upflow anaerobic sludge blancket. Dois reatores UASB concêntricos, funcionando em série, inseridos em um sistema-piloto de tratamento de águas residuárias do processamento dos frutos do cafeeiro por via úmida, foram monitorados quanto aos parâmetros físico-químicos e microbiológicos. Os reatores UASB operaram em campo, com oscilação de temperatura ambiente entre 16,5 e 38,8°C; as temperaturas do afluente e efluente dos reatores variaram de 16,3 a 27,3°C, respectivamente. Os dados iniciais obtidos para a demanda química de oxigênio (DQO foram de 1.349 e 1.173 mg L-1, sendo, ao final do monitoramento atingido os valores de 120 e 102 mg L-1 para os reatores 1 e 2, respectivamente. Concluiu-se que a microscopia aplicada ao perfil de sólidos dos reatores é muito importante e deve ser empregada como parâmetro de qualificação do lodo cultivado em reatores UASB, especialmente quando do decaimento bacteriano.

  18. Caracterização físico-química de polpas de frutos da Amazônia e sua correlação com a atividade anti-radical livre Physical and chemical characterization of fruit pulps from Amazonia and their correlation to free radical scavenger activity

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gisele André Baptista Canuto

    2010-12-01

    Full Text Available Características físico-químicas (cor, pH, acidez total titulável, sólidos solúveis totais, conteúdo de lipídios e umidade e níveis de compostos bioativos (ácido ascórbico, fenólicos totais foram determinados em quinze amostras de polpas de frutos procedentes da região Amazônica (abiu, acerola, açaí, araçá-boi, bacaba, bacuri, buriti, cajá, cajarana, caju, cupuaçu, graviola, murici, noni e tamarindo. A atividade de radicais livres foi avaliada pelo método de ABTS. Algumas polpas apresentaram alta potencialidade antioxidante, associada com a atividade antirradicais livres obtida e os conteúdos dos componentes bioativos como compostos fenólicos e ácido ascórbico, destacando-se acerola e acaí. O conteúdo total de compostos fenólicos foi correlacionado à capacidade antioxidante das polpas.Physical and chemical characteristics (color, pH, titratable acidity, total soluble solids, lipid content, moisture and levels of bioactive compounds (ascorbic acid, total phenolics were determined in fifteen samples of fruit pulps from Amazonia (abiu, acerola, açaí, araça-boi, bacaba, bacuri, buriti, cajá, cajarana, caju, cupuaçu, graviola, murici, noni e tamarindo. The free radical scavenger activity was evaluated by the ABTS assay. Some pulps presented high antioxidant potential, associated with the free radical scavenger activity measured and the content of bioactive components, such as phenolic compounds and ascorbic acid, especialy in acerola and açaí. The total phenolic content was correlated to antioxidant capacity of pulps.

  19. Sawdust and fruit residues of Central Amazonian for Panus strigellus spawn’s production Serragem e resíduos de frutos da Amazônia Central para produção de semente-inóculo de Panus strigellus

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ruby Vargas-Isla

    2012-06-01

    estes, o substrato formulado com serragem de Simarouba amara promoveu maior crescimento micelial (P < 0,05. A formulação de S. amara suplementado com farelo da casca de Astrocaryum aculeatum (10:1 apresentou a melhor alternativa de suplementação entre os resíduos de frutos regionais. Três tipos de embalagens para o preparo da semente-inóculo foram avaliados e o saco de polipropileno (32×45 cm foi considerado a embalagem mais adequada. Serragem de S. amara e casca de A. aculeatum são de fácil disponibilidade na região Norte e os resultados demonstram que estes resíduos podem substituir a serragem de Eucalyptus sp. e farelo de arroz comumente utilizado no Sul e Sudeste de Brasil para a produção de semente-inóculo de cogumelos.

    doi: 10.4336/2012.pfb.32.70.07

  20. Qualidade de fruto e produtividade de pessegueiros submetidos a diferentes épocas de poda

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Michél Aldrighi Gonçalves

    2014-01-01

    Full Text Available Com o presente trabalho objetivou-se avaliar as características produtivas de diferentes genótipos de pessegueiro (Prunus persica (L. Batsch., submetidos a podas em épocas distintas na região de Pelotas-RS. O experimento foi conduzido em uma área experimental pertencente à Embrapa Clima Temperado (CPACT, durante os anos de 2009 e 2010. Os tratamentos foram compostos de combinações de três épocas de poda [poda de inverno (PI, poda de inverno mais poda de verão (PIV e poda de verão (PV] e três genótipos [Cascata 805, Cascata 834 (BRS Kampai e Cascata 952 (BRS Rubimel], resultando em nove tratamentos distintos. Para as variáveis firmeza de frutos, pH, sólidos solúveis (SS, acidez titulável (AT, relação SS/AT e cor, não foi verificada interação entre os fatores estudados. Os frutos de BRS Kampai apresentaram maior firmeza, assim como a poda apenas no período de verão. O genótipo BRS Kampai apresentou frutos com maior SS e AT dentre os estudados e as plantas de BRS Kampai e BRS Rubimel apresentaram frutos com coloração vermelha mais intensa de epiderme, independentemente da época de poda. Verificou-se que a poda apenas no período de verão induziu à produção de frutos menores. Os genótipos BRS Kampai e BRS Rubimel apresentaram produtividades semelhantes, independente do sistema de poda aplicado. Em geral, as características físico-químicas dos frutos não são alteradas com as variações de época de poda estudadas. No entanto, as variáveis de qualidade física e as relacionadas com a produção sofrem influência direta da época de poda.

  1. Nutrição mineral de macieira. VI. acúmulos de nutrientes pelos frutos

    OpenAIRE

    Trani, P.E.; Haag, H.P.; Dechen, A.R.; Sarruge, J.R.; Catani, C.B.

    1981-01-01

    Numa plantação de macieira, constituída dos cultivares 'Ohio Beauty' e 'Brasil', localizada em um Latossol Vermelho Escuro Orto no município de Buri, SP, foram coletados frutos com a idade de 20 a 120 dias de arvores com 1,5; 3,5; 4,5 e 6,5 anos de idade. O material coletado após secagem a 80°C foi analisado para N, P, K, Ca, Mg, S, B, Cu, Fe, Mn e Zn. Os autores concluiram que os cultivares diferem na extração de nutrientes nos frutos coletados em diferentes estádios de desenvolvimento. Os a...

  2. Diplóides (AA de bananeira submetidos ao estresse salino Banana diploids (AA submitted to salt stress

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eline Waked Ferreira Gomes

    2004-06-01

    Full Text Available No Nordeste do Brasil a salinização dos solos é um dos fatores limitantes na produção de bananeira. Estudos quanto à tolerância à salinidade em diplóides de bananeira são importantes para programas de melhoramento genético. Esse trabalho objetivou avaliar os efeitos da salinidade utilizando variáveis químicas e de crescimento, e quantificar, mediante padrões isoenzimáticos, a diversidade genética entre seis genótipos diplóides (AA, associando-os à tolerância à salinidade. As plantas foram tratadas durante 21 dias com 0, 50 e 100 mM de NaCl, num delineamento experimental inteiramente casualizado. Os diplóides Lidi e Calcuttá apresentaram maiores reduções na área foliar e fortes sintomas de toxidez associados aos maiores acúmulos de Na+ e Cl- no limbo. Os genótipos Borneo e SNº/2 apresentaram discretos sintomas de toxidez e, como o genótipo M-53, demonstraram habilidade de evitar a translocação excessiva de Na+ e Cl- para as folhas preservando o aparelho fotossintético. Nos diplóides SNº/2 e M-53 foi detectada uma banda específica (Po-6 do sistema peroxidase, sob condições de estresse salino. Associando as características isoenzimáticas com as de crescimento, sintomatologia, análise mineral e grau de similaridade genética entre os genótipos, os dendrogramas construídos separam os genótipos mais tolerantes (SNº/2 e M-53 dos mais sensíveis (Lidi e Calcuttá.In the Northeast Region of Brazil, salinization in soils is one of the limiting factors for banana production. Studies regarding tolerance and salt sensitivity in banana diploids are important for genetic breeding programs. This work aimed to evaluate salt stress effects measuring growth and chemicals parameters and to quantify the genetic diversity among six diploids (AA genotypes using isozymic standards relating to salt tolerance. The plants were treated during 21 days under 0, 50 and 100 mM of NaCl in a completely randomized design. The diploids

  3. Qualidade de frutos de acessos de umbu-cajazeira (Spondias sp.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Perla J. S. Gondim

    2013-11-01

    Full Text Available Os frutos da umbu-cajazeira (Spondias sp. são amplamente consumidos frescos ou processados, em decorrência de suas características sensoriais, apresentando-se com boas perspectivas de cultivo e comercialização. No entanto, a avaliação da qualidade pós-colheita de frutos de acessos das suas áreas de ocorrência se faz necessária, no sentido não apenas de identificar materiais com características promissoras de interesse para a indústria ou consumo fresco, mas também para dar suporte aos programas de melhoramento. Neste trabalho foram avaliados frutos colhidos na maturidade comercial (coloração totalmente amarela de oito acessos provenientes do município de Areia, Brejo paraibano, quanto às características físicas e físico-químicas. A massa fresca média dos frutos dos acessos avaliados foi de 28,82 g e o rendimento médio em polpa foi de 68,5%. Com base na análise de componentes principais, o acesso A2 se destacou por apresentar conteúdos superiores de sólidos solúveis (12,9% e açúcares redutores (10,9%, mais baixa acidez titulável (0,94% de ácido cítrico e superior relação SS/AT (13,75, indicando que este acesso pode ser uma alternativa viável, tanto para o mercado de frutas frescas como para o processamento.

  4. Resistência genética à podridão amarga em maçãs, determinada pela taxa de desenvolvimento da doença em frutos com e sem ferimentos Genetic resistance to bitter rot on apples determined by the development rate of the disease on fruits with and without wounds

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Frederico Denardi

    2003-12-01

    Full Text Available A maçã é um dos mais importantes produtos agrícolas de Santa Catarina e a segunda mais importante fruteira de clima temperado do Brasil. No entanto, a produção brasileira está alicerçada em cultivares importadas suscetíveis a diversas doenças. A podridão amarga causada pelo fungo Glomerella cingulata (Stoneman Spaulding & Schrenk, (forma imperfeita Colletotrichum gloeosporioides (Penz. Sacc. é uma das mais importantes doenças de verão, podendo causar perdas muito elevadas. No presente trabalho, a inoculação artificial de C. gloesporioides em frutos com e sem ferimentos objetivou verificar a diferença de evolução da podridão amarga e identificar possíveis fontes de resistência nas seleções e novas cultivares de macieira desenvolvidas pela Epagri. Verificou-se ampla variação na reação de resistência entre as cultivares e seleções estudadas. O estabelecimento e o desenvolvimento da podridão amarga mostrou-se muito mais rápido através de ferimentos. As seleções M-6/00 e M-13/00 manifestaram resistência superior à das atuais cultivares Gala, Fuji e Golden Delicious. Essas seleções também apresentaram resistência superior à cv. Melrose, indicada como resistente em outros estudos.Apple is one of the most important agricultural product of Santa Catarina State and represents the second most important temperate-zone fruit in Brazil. However the production is based on imported cultivars susceptible to many fungal diseases. Bitter rot caused by the fungus Glomerella cingulata (Stoneman Spaulding & Schrenk, (amorphous = Colletotrichum gloeosporioides (Penz. Sacc., is one of the most important summer diseases of apple in southern Brazil. Severe damages may occur every year. In the present study, artificial inoculation of C. gloeosporioides on fruits with and without wounding was carried out to verify differences in the evolution of bitter rot and to identify sources of resistance to the disease among the new apple

  5. Abelhas visitantes nas flores da jabuticabeira (Myrciaria cauliflora Berg. e produção de frutos - DOI: 10.4025/actascianimsci.v26i1.1890 Bees visits associated to Brazilian grape tree flowers (Myrciaria cauliflora Berg. and fruit production - DOI: 10.4025/actascianimsci.v26i1.1890

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Regina Helena Nogueira-Couto

    2004-04-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi verificar a atratividade das flores da jabuticabeira (Myrciaria cauliflora Berg. para os insetos, o comportamento, o tipo de coleta e o efeito dessas visitas na produção de frutos. Foram observados o tempo de desenvolvimento e a quantidade de açúcar solúvel do néctar de flores; os insetos e o tipo de coleta desses insetos. Foram marcados 400 botões florais (200 descobertos e 200 cobertos, para impedir a visita dos insetos. A duração da flor foi de 48 ± 4,6 horas. A quantidade de açúcar solúvel foi baixa (7.14 ± 0.70µg glicose/flor e semelhante entre os horários. As abelhas Apis mellifera, Tetragonisca angustula, Chloralictus sp e Trigona spinipes foram os únicos insetos nas flores (98,0%, 0,88%, 0,57% e 0,55%, respectivamente e coletaram exclusivamente pólen. A porcentagem de frutificação não foi diferente nos tratamentos coberto (19,80% e descoberto (18,62%, mostrando que a presença das abelhas não afetou a produção.This research aimed to verify the Brazilian grape tree flowers’ Myrciaria cauliflora attraction to insects, including their behaviour, sample kind and effect of insect visits on fruit production. The development time and the amount of flower’s nectar soluble sugar, the insects and sample kind were observed. Four hundred flower buds were tagged (200 covered and 200 uncovered, with 5 replications to determine fruiting percentage. Only the bees Apis mellifera, Tetragonisca angustula, Chloralictus sp and Trigona spinipes visited the flowers (98.0, 0.88, 0.57 and 0.55%, respectively, collecting exclusively pollen. Percentage of fruiting did not differ between covered (19.80% and uncovered (18.62% treatments, showing that the bees visits did not affect fruit production.

  6. Características morfoanatômicas da epiderme foliar de plantas variantes e não variantes somaclonais de bananeiras (Musa sp. Colla cv. Prata-anã cultivadas in vitro Morphoanatomical characteristics of the leaf epidermis of variant plants and somaclonal non-variants of banana trees (Musa sp. Colla cv. Prata-anã cultivated in vitro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Guilherme Araújo Lacerda

    2008-03-01

    Full Text Available A variação somaclonal corresponde ao aparecimento de plantas anormais durante o processo de multiplicação in vitro, principalmente relacionada à estatura, no caso o gigantismo. O objetivo deste trabalho foi averiguar as diferenças morfoanatômicas da epiderme foliar na tentativa de diferenciar as plantas de 'Prata-anã' em relação aos seus variantes somaclonais. A análise por microscopia eletrônica de varredura mostrou uma diferença significativa entre o diâmetro polar dos estômatos da 'Prata-anã' não variante e suas variantes, ambas em condições in vitro, observando-se que o mesmo não ocorre para as plantas in vivo. O número médio de estômatos é menor nas plantas variantes somaclonais, porém sem diferenças significativas a não ser para a planta PIII. A descamação de cera é evidente somente nas plantas variantes de ambos os materiais (in vitro e in vivo. Conclui-se que os caracteres morfoanatômicos da epiderme foliar, como densidade estomática, diâmetro estomático polar e a uniformidade da cera atuam como marcadores morfológicos para caracterizar as plantas micropropagadas de 'Prata-anã' em relação aos seus variantes somaclonais para a característica gigantismo.Somaclonal variation corresponds to the emergence of abnormal plants during the process of multiplication in vitro, mainly related to stature, in the case the gigantism. The aim of this work was to discover morphoanatomical differences of the leaf epidermis in an attempt to differentiate plants of "Prata-anã" from their somaclonal variants. Analysis by scanning electronic microscopy showed significant difference between the polar diameter of the stomata of the "Prata-anã" non-variant and its variants, both in vitro. The same does not happen for plants in vivo. The average number of stomata is lower in the somaclonal variant plants, but without significant differences except for plant PIII. Wax peeling is only evident in the variant plants of both the

  7. Herança do formato do fruto em tomateiro do grupo cereja Inheritance of fruit shape in cherry tomato group

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gabriel Mascarenhas Maciel

    2008-12-01

    Full Text Available O formato dos frutos do tomateiro é resultado da ação de diversos loci gênicos que podem atuar de diversas formas: isoladamente, com efeitos pleiotrópicos ou interagindo entre si ou com genes responsáveis pelo peso do fruto. Em função disto, o estudo da herança desta característica, importante para o melhoramento da espécie, torna-se complexa e de difícil execução. Este trabalho foi desenvolvido no Setor de Olericultura e Experimentação da Universidade José do Rosário Vellano (UNIFENAS, de Julho/2003 a Março/2005 com o objetivo de determinar a herança da forma do fruto em tomateiro do grupo cereja. Foram utilizados dois genótipos selvagens e contrastantes quanto à forma do fruto: fruto comprido (FC e fruto redondo (FR. Cruzamentos recíprocos e retrocruzamentos foram efetuados sendo a forma do fruto, avaliada nas gerações oriundas desses cruzamentos. Todas as plantas da geração F1 produziram frutos redondos. Em F2, 111 plantas produziram frutos redondos e 47 plantas produziram frutos compridos. No retrocruzamento (F1 x FC 47 plantas produziram frutos redondos e 42 plantas produziram frutos compridos. Estes resultados, analisados pelo teste de x2 confirmaram segregação mendeliana 3:1 e 1:1 respectivamente. Concluiuse que o formato dos frutos estudados tem herança monogênica. O alelo que condiciona a forma redonda do fruto tem dominância completa sobre o alelo que confere a forma alongada com possível atuação do locus sun.The tomato fruit shape is a result of action of various gene loci that can act in several ways: alone, with pleiotropic effects or interacting with each other or with genes responsible for the fruit weight. According to this, the study of the inheritance of this characteristic, very important for the improvement of the species, is complex and difficult to implement. This work was carried out at the Horticultural and Experimentation Section of José do Rosário Vellano University, during the

  8. "Daños, engaños y desengaños, frutos son de los años": the semantic value of rhyme in the Spanish baroque sonnets on the transience of life

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Špela Oman

    2012-12-01

    Full Text Available One of the most recurring Baroque themes is without a doubt the topic of tempus fugit, which inspired numerous contemplations about the ephemeral nature of life, the brevity of the earthly existence and the omnipresence of death. The obsession with the passing of time in the Spanish Baroque sonnets on the ephemerality of life can also be observed on the level of rhyme, which far from being merely an ornamental item, actually contributes important semantic value to the poem. Rhymes such as años/daños/engaños/desengaños or mañana/vana, jornada/nada reappear almost obsessively throughout the corpus of Baroque poetry and form semantic knots that highlight the principal theme of the sonnet. Similarly, pairs of words such as encina/ruina, vida/desvanecida, humano/gusano, besos/huesos, are closely related despite different meanings, drawing attention to the devastating eff ects of the passage of time. The insatiable quest for suggestive rhymes by Golden Age poets is doubtless due to the aesthetic orientation of Baroque art that tends to combine decorative virtuosity with the intellectual subtlety. The semantic rhyme thus functions as one of the axis of the meaning, as an echo resonating the poetic message, and likewise as a means of fulfilling the Baroque search for thematic unity. The rhyme in the Baroque sonnets is integrated thematically with the text, in the same manner as a pillar supporting a Baroque facade is subjected to the effect of absolute architectural unity.

  9. Viabilidade in vitro de grãos de pólen de bananeira sob diferentes concentrações de ácido bórico e sacarose

    OpenAIRE

    Reis,Ronaldo Viana dos; Morais-Lino,Lucymeire de Souza; Silva,Sebastião de Oliveira e; Amorim,Edson Perito; Ledo,Carlos Alberto da Silva; Viana,Alexandre Pio

    2011-01-01

    Neste trabalho, objetivou-se avaliar a germinação do grão de pólen e o comprimento do tubo polínico das bananeiras diplóides M53, 8987-01 e 9197-03, Calcutá, Lidi e 86B79-12. O delineamento utilizado foi inteiramente casualizado com cinco doses de sacarose (0, 5, 10, 15, 20%) e seis concentrações de ácido bórico (0, 100, 200, 300, 400 e 500 Mg L-1) com quatro repetições. Foram utilizados grãos de pólen retirados da inflorescência masculina dos diplóides Musa acuminata (AA). O pólen foi distri...

  10. Atratividade da isca granulada de polpa de fruto do jatobá para saúva-limão, no campo Attractiveness of the granulated bait of jatobá's fruit pulp to the leaf- cutting ant, in the field

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Lucia França Teixeira

    2008-08-01

    Full Text Available A atratividade da polpa do fruto de jatobá para saúva-limão foi avaliada tendo como parâmetro comparativo a polpa cítrica desidratada, utilizada como veículo por diversas marcas comerciais. O experimento foi conduzido em quatro formigueiros de saúva-limão em canteiros gramados com espécies arbóreas. As iscas de jatobá e de polpa cítrica desidratada, ambas sem princípio ativo, foram confeccionadas em grânulos com formato e diâmetro semelhantes aos das iscas granuladas comerciais. As iscas de jatobá foram mais atrativas para as operárias de saúva-limão, que fizeram o primeiro contato aos 17s, em contraste com os 29s gastos para o primeiro contato com as iscas de polpa cítrica. As iscas de jatobá também começaram a ser carregadas mais cedo, aos 26s, sendo que as iscas de polpa cítrica foram carregadas 48s mais tarde. A grande aceitação do jatobá foi reforçada pelo menor tempo para o encerramento dos testes, 5min 39s, contrastando com os 11min 17s necessários para o encerramento do teste com a polpa cítrica. A polpa do fruto do jatobá foi mais atrativa para saúva-limão do que a polpa cítrica desidratada.Attractiveness of the leaf-cutting ant, Atta sexdens rubropilosa to jatobá's fruit pulp was evaluated, having the dehydrated citrus pulp as comparative parameter, used as vehicle by several commercial brands. The experiment was conducted on four nests of leaf-cutting ants on lawns with arboreal species. Jatobá baits and dehydrated citric pulp both without active principle were made into granules with form and diameter similar to the commercial granulated baits. Jatobá baits were more attractive to the laborers of leaf-cutting ants which made the first contact after 17s, contrasting with 29s before the first contact with citric pulp baits. Jatobá baits were also carried earlier, after 26s, while citric pulp baits were carried 48s later. The great acceptance of jatobá baits was strengthened by the short time to

  11. Desenvolvimento vegetativo, produção e qualidade dos frutos da laranjeira ‘Folha Murcha' sobre seis porta-enxertos no Norte do Paraná Vegetative growth, yield and quality fruits of the ‘Folha Murcha' orange on six rootstocks in North Parana, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Neusa Maria Colauto Stenzel

    2005-12-01

    Full Text Available Esta pesquisa avaliou em Londrina, PR, plantas de laranjeira ‘Folha Murcha' sobre os porta-enxertos: laranjeira ‘Caipira' (Citrus sinensis (L. Osb., limoeiro ‘Cravo' (Citrus limonia Osb., tangerineira ‘Sunki' (Citrus sunki Hort. ex Tan., limoeiro ‘Rugoso da Flórida (Citrus jambhiri Lush., tangerineira ‘Cleópatra' (Citrus reshni Hort. ex Tan. e limoeiro ‘Volcameriano' (Citrus volkameriana Ten. e Pasq.. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos ao acaso, seis porta-enxertos como tratamentos, cinco repetições e duas plantas por parcela. A altura, diâmetro e volume da copa foram significativamente superiores em plantas enxertadas em laranjeira ‘Caipira', quando comparadas com aquelas em limoeiro ‘Volcameriano'. A menor diferença entre os diâmetros dos troncos abaixo/acima da enxertia ocorreu nas plantas em limoeiro ‘Cravo' e tangerineira ‘Sunki'. A produção acumulada foi superior nas plantas sobre limoeiro 'Cravo'e laranjeira ‘Caipira', sem mostrar significância estatística entre si, porém significativamente diferentes daquelas sobre tangerineira ‘Cleópatra' e limoeiro ‘Volcameriano'. A eficiência da produção não foi influenciada pelos porta-enxertos estudados. O peso do fruto foi significativamente maior para as plantas em tangerineira ‘Sunki', em comparação àqueles sobre limoeiros ‘Cravo', limoeiro ‘Rugoso da Flórida' e limoeiro ‘Volcameriano. Os sólidos solúveis totais (SST apresentaram teores elevados nos frutos de laranjeiras ‘Folha Murcha' sobre limoeiro ‘Volcameriano' e limoeiro 'Cravo', sem diferirem entre si. A acidez titulável total (ATT, o ratio (SST/ATT e a cor do suco não foram influenciados pelos porta-enxertos testados. Os limões 'Cravo'e ‘Volcameriano' proporcionaram valores de índice tecnológico significativamente maiores em relação aos porta-enxertos restantes. Os parâmetros de qualidade de suco avaliados estão dentro de padrões aceitáveis para

  12. Efeitos da adubação nitrogenada e potássica na produção e na qualidade de frutos de laranjeira-'Valência'

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    ALMEIDA MARCELO CARMINATI DE

    2002-01-01

    Full Text Available Os critérios para recomendação de adubação nitrogenada e potássica em pomares cítricos carecem de experimentação regional. O objetivo deste experimento foi avaliar os efeitos de doses combinadas de N e de K2O para a laranjeira-Valência cultivada em solo representativo do município de Adolfo, Norte do Estado de São Paulo, de citricultura desenvolvida. Em delineamento tipo fatorial 3 x 3, com 3 repetições, foram combinadas as doses de 94; 188 e 376 kg ha-1 de N, como nitrato de amônio e 38; 75 e 150 kg ha-1 de K2O, como cloreto de potássio, durante três safras (1997 a 1999. Anualmente, foram feitas avaliações de diagnose foliar para nitrogênio e potássio, de produção e de análise de suco para acidez titulável e teor total de sólidos solúveis. Os dados obtidos mostraram que os pomares mantiveram a produtividade com as doses mínimas de N e de K2O durante os três anos, não havendo resposta em produção às doses crescentes desses nutrientes. Os teores foliares de N e de K mantiveram-se dentro das faixas consideradas adequadas, nos tratamentos com doses mínimas de N e de K2O, nas três safras. Apenas no segundo ano, em que a produção foi diminuída por fatores climáticos, foram observados efeitos significativos de combinações de doses de N e de K2O sobre a acidez e o teor de sólidos solúveis do suco.

  13. Ácido giberélico na produção de frutos partenocárpicos de pimenta

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tofanelli Mauro Brasil Dias

    2003-01-01

    Full Text Available A presença de sementes em frutos, dependendo da espécie, pode ser dispensável ou até mesmo indesejável ao consumo e à culinária, como seria o caso, por exemplo, de algumas pimentas. Este trabalho teve como objetivo avaliar o efeito da aplicação de ácido giberélico (GA3 na produção e nas características de frutos partenocárpicos em plantas de pimenta "escabeche" (Capsicum baccatum L.. A semeadura foi realizada em bandejas de poliestireno expandido e o plantio das mudas em estrutura plástica com irrigação por gotejamento. O delineamento experimental foi em blocos casualizados com quatro tratamentos (0; 700; 1.400 e 2.800 mg L-1 de GA3. Foram feitas duas aplicações de GA3: a primeira quando as plantas estavam em plena floração e a segunda aos 10 dias após a primeira aplicação. Observou-se que o GA3 favoreceu a produção de frutos partenocárpicos (94,6% com 2.100 mg L-1 de GA3, diminuiu a produção de frutos (87,1 g fruto/planta com 2.250 mg L-1 de GA3, aumentou a altura da planta (168,0 cm com 2.450 mg L-1 de GA3, porém, prejudicou as características comerciais dos frutos. É possível produzir frutos partenocárpicos com a aplicação de GA3 em pimenta "escabeche", porém esta técnica não foi agronomicamente viável.

  14. Ocorrência de Hypsipyla grandella Zeller em Frutos e Sementes de Cedro (Cedrela fissilis Vell. em Brasília

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcelo Tavares de Castro

    2017-11-01

    Full Text Available RESUMO Este trabalho teve como objetivo verificar a ocorrência de Hypsipyla grandella em árvores de cedro situadas em Brasília, Distrito Federal, bem como descrever os principais danos decorridos em frutos e sementes. Foram coletados 283 frutos caídos de árvores de cedro e cada fruto foi analisado individualmente quanto à presença da H. Grandella, visualização dos principais sintomas e sinais da lagarta, como a presença de orifícios, goma, teia e excrementos. Foram encontradas 128 lagartas e 41 pupários no interior dos frutos. A partir do presente estudo foi possível constatar a presença e permanência de H. grandella em árvores de cedro durante os meses de janeiro a abril, época de produção e maturação de frutos da espécie, os quais, assim, servem de inóculo para futuros plantios, tanto de produção comercial como para fins paisagístiscos, dessa Meliaceae na região do Distrito Federal, Brasil.

  15. Desenvolvimento dos frutos de lulo (Solanum quitoense LAM, em Viçosa-MG

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pedro Henrique Monteiro Matarazzo

    2013-03-01

    Full Text Available O lulo é um fruto tropical e exótico, originário dos Andes, tem cor laranja quando maduro, e é uma baga globosa, assemelha- se a um tomate, o epicarpo é grosso e coriáceo, sua polpa é verde-clara, pegajosa, ácida e suculenta, contendo muitas sementes. Objetivou-se acompanhar as características físicas, químicas e fisiológicas ocorridas durante o desenvolvimento do fruto de lulo, da antese ao amadurecimento completo, em Viçosa-MG. Os frutos apresentaram um padrão de crescimento sigmoidal simples em resposta à variação do tempo. O desenvolvimento do fruto foi dividido em três fases. A primeira foi até os 7,39 dias após a antese (DAA, sendo caracterizada pela alta taxa respiratória, provavelmente devido à intensa multiplicação celular, e o pericarpo apresentava coloração verde-clara. A segunda fase estendeu-se a partir dos 7,39 até os 57,63 DAA, sendo caracterizada pelas taxas máximas das características estudadas. A taxa respiratória cresceu até 45 DAA, mantendo-se estável até os 52 DAA. A última fase estendeu-se a partir dos 57,63 DAA até os 95,00 DAA. Essa fase foi caracterizada pela estabilização nas dimensões e no acúmulo de massa fresca. Nesse período, ocorreu a ascensão climatérica (dos 52 aos 59 DAA. O climatério respiratório ocorreu aos 66 DAA, com pico de produção de CO2 de 110,99 mg de CO2 kg-1h-1. O pós-climatério ocorreu dos 73 aos 95 DAA, quando houve aumento no teor de sólidos solúveis e queda da acidez titulável e vitamina C da polpa. Nessa fase, o pericarpo dos frutos apresentava-se com coloração alaranjada.

  16. Diagnose nutricional para nitrogênio e potássio em bananeira por meio do sistema integrado de diagnose e recomendação (DRIS e de níveis críticos The N and K diagnosis on banana plants using the diagnosis and recommendation integrated system (DRIS and critical value approach

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    LUIZ ANTONIO JUNQUEIRA TEIXEIRA

    2002-08-01

    Full Text Available A partir de resultados de um experimento de campo com arranjo fatorial, no qual foi estudada a resposta à aplicação de N e K em bananeira, em dois ciclos de cultivo, avaliou-se o desempenho do diagnóstico nutricional para esses nutrientes, empregando-se o sistema integrado de diagnose e recomendação (DRIS e o critério de níveis críticos (NC. As situações nas quais se diagnosticou deficiência, foram classificadas como positivas (+, aquelas cujo diagnóstico indicou suficiência, como negativas (-. Em função da resposta na produção de frutos à aplicação de N ou K, classificaram-se os diagnósticos como verdadeiros (V ou falsos (F, resultando nas quatro possibilidades V+, V-, F+ e F-. Em relação ao N, a eficiência (%V+ e %V- dos diagnósticos baseados em NC foi de 48%; com o DRIS, foi de 69%. Para K, a eficiência dos diagnósticos feitos a partir do DRIS e NC foi de 63%. A proporção de diagnósticos de deficiência que se confirmaram com respostas positivas à aplicação de N em relação aos falsos positivos (%V+¸%F+, foi de 1,50 para o DRIS e de 0,68 para NC. Para os diagnósticos de deficiência de K, essa proporção foi de 1,67 para DRIS e NC. A variação líquida no rendimento (48 casos decorrente da aplicação de N associada a diagnósticos corretos foi de 124 t ha¹ para o DRIS e de 20 t ha¹ para NC. Para K, essa variação foi de 70 t ha¹ para o DRIS e NC.The Performance of DRIS and critical value approach (CVA diagnostics were evaluated based on leaf analysis from a field experiment on a factorial design to study the yield response of banana to N and K applications during two crop seasons. The situations identified as deficient were classified as positives (+ and those diagnosed as sufficient, were classified as negatives (-. According to the response on yield due the application of N or K, the diagnostics were classified as true (V or false (F. Four combinations were possible: V+, V-, F+ and F-. The

  17. ESTIMATIVA DO CONTEÚDO DE DNA DE DIFERENTES ACESSOS DE BANANEIRA: RELAÇÕES ENTRE NÍVEL DE PLOIDIA E GRUPOS GENÔMICOS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    RAFAEL HANSEN MADAIL

    2015-12-01

    Full Text Available RESUMO A determinação do nível de ploidia é muito importante, principalmente em programas de melhoramento genético que envolvem poliploides, a fim de possibilitar a escolha adequada dos materiais vegetais com os quais se deseja trabalhar. A relação entre o conteúdo de DNA de acessos de bananeira e sua ploidia ainda permanece controversa na literatura; assim, o presente trabalho teve como objetivo avaliar o conteúdo de DNA de acessos de bananeira com diferentes níveis de ploidia. Foram avaliados sete acessos tetraploides, quatro triploides e quatro diploides. A determinação do conteúdo foi realizada pela técnica de citometria de fluxo. Foram trituradas entre 50-60 mg de folhas frescas, juntamente com o padrão interno (Pisum sativum no tampão LB01, e, posteriormente, as amostras foram filtradas em gaze e filtro de 50 µm. Adicionaram-se 5 µL de RNase e 25 µL de iodeto de propídeo. Para cada amostra, foram analisados 10 mil núcleos, com três repetições. Os resultados obtidos para o conteúdo de DNA permitiram estimar o tamanho dos genomas A e B, sendo o primeiro cerca de 14% maior que o segundo. Os resultados apresentaram clara relação entre o conteúdo de DNA e o nível de ploidia dos materiais. O contéudo de DNA apresentou aumento médio de 30% nas cultivares diploides em relação às cultivares triploides avaliadas e de 25% nas cultivares triploides em relação às cultivares tetraploides. Apesar da diferença nos tamanhos dos genomas A e B, contribuições distintas desses dois genomas não foram diretamente relacionadas com alterações no conteúdo do DNA de cultivares tetraploides.

  18. CONTROL DE FUMAGINA (Capnodium mangiferae Cooke & Brown CON BIOFUNGICIDAS EN HOJAS Y FRUTOS DE MANGO “MANILA”

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Andres Rebolledo-Martinez

    2013-11-01

    Full Text Available La fumagina (Capnodium mangiferae Cooke & Broome es una de las enfermedades más importantes en México, después de la antracnosis (Colletotrichum gloeosporioides Penz. y la roña (Elsinoe mangiferae Bitanc. & Jenkins, que afecta el rendimiento y la apariencia de frutos de mango. Se evaluó el efecto de siete fungicidas orgánicos, uno químico, el método de embolsado de frutos y un testigo en el control de fumagina en hojas y frutos de mango “Manila”, en Veracruz, México. Los resultados mostraron que los biofungicidas Bio hcaz 3.5, Bio fyb 1.5, Fungicus ph 4 y Fungicus ph 8 alcanzaron valores del 95 % de hojas en las categorías sano y ligero (daños inferiores del 5 %. El porcentaje de frutos sanos fue de 98 % para el embolsado, 82 % para el Benomil, 80 % para Sunset 3 y 78 % para Sulfocop 4 y Bio fyb 1.5. Bio fyb 1.5 mostró buen control de la fumagina en hoja y frutos. La aplicación de productos orgánicos no influyó en rendimiento y calidad de frutos.

  19. Frutos tropicais silvestres e polpas de frutas congeladas: atividade antioxidante, polifenóis e antocianinas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kuskoski Eugenia Marta

    2006-01-01

    Full Text Available Os sucos de frutas tropicais conquistam cada vez mais o mercado consumidor, sendo o Brasil um dos principais produtores. Existe grande diversidade de produtos derivados de frutos e constante inserção de novos produtos no mercado de consumo, os quais, na maioria das vezes, ainda não foram devidamente pesquisados com respeito às suas propriedades e atividades benéficas à saúde. Neste trabalho, objetiva-se determinar algumas propriedades de frutos tropicais silvestres in natura e polpas de frutos comercializados congelados. Para determinar a atividade antioxidante, utilizou-se o método do radical 2,2-difeniL-1-picrilhidrazilo (DPPH.; para determinar os polifenóis totais, o método de Folin-Ciocalteu e, para as antocianinas, o método da diferença de pH. As polpas de frutas analisadas foram de amora, uva, açaí, goiaba, morango, acerola, abacaxi, manga, graviola, cupuaçu e maracujá; e os frutos silvestres, jambolão e baguaçu. Representada em TEAC (atividade antioxidante equivalente a Trolox, a atividade antioxidante global das polpas oscila entre mínimos e máximos 0,5 e 53,2mimol g-1, enquanto que, representada em VCEAC (atividade antioxidante equivalente a vitamina C, entre mínimos e máximos de 64,8 e 1198,9mg100g-1. Para os extratos de polpa dos frutos in natura, a atividade antioxidante oscila entre 13,3 e 111,2mimol g-1 (TEAC e entre 42,8 e 2533,1mg 100g-1 (VCEAC. Em ordem decrescente de capacidade antioxidante, encontra-se: acerola> manga> morango> uva> açaí> goiaba> amora> graviola> maracujá> cupuaçu> abacaxi. Os frutos de baguaçu apresentam maior atividade antioxidante que os de jambolão.

  20. Preservação dos atributos físicos de frutos de atemoia cv. Gefner com o uso de 1-MCP e atmosfera modificad

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gláucia Michelle Cosme Silva

    2014-12-01

    Full Text Available O interesse comercial pela atemoia vem aumentando cada vez mais no Brasil. O aumento da atividade respiratória, acompanhado por modificações rápidas na composição física dos frutos podem inviabilizar sua distribuição a mercados distantes. Neste contexto, objetivou-se com o presente trabalho avaliar os atributos físicos em frutos de atemoia tratados com 1-metilciclopropeno (1-MCP e atmosfera modificada associados à refrigeração. O experimento foi instalado em delineamento experimental inteiramente casualizado, em esquema fatorial 4x5, sendo quatro concentrações de 1-MCP (0; 200; 400 e 600 ŋL L-¹ e cinco períodos de avaliação após a colheita, em intervalo de cinco dias, com quatro repetições e quatro frutos por unidade experimental. As atemoias foram colhidas em pomar comercial, no município de Matias Cardoso-MG, no estádio de maturação fisiológica, lavadas, sanitizadas e secas ao ar, depois tratadas com as concentrações de 1-MCP por oito horas, em temperatura ambiente. Logo após, quatro frutos foram dispostos em bandejas de poliestireno expandido. Alguns permaneceram sem membrana, enquanto outros foram embalados com membrana plástica de PEBD 16µm. As variáveis avaliadas nos frutos foram: perda de biomassa fresca, firmeza, concentração de CO2, etileno e coloração da casca. O uso da atmosfera modificada e do 1-MCP, associados ou não, foi eficiente no atraso do amadurecimento dos frutos, permitindo a conservação de sua qualidade física. Frutos tratados com 1-MCP apresentaram-se mais firmes, além da preservação da coloração, verificada através da luminosidade, cromaticidade e ângulo Hueº, que se mostraram superiores quando comparados aos frutos não tratados.

  1. Características físico-químicas da laranja-pera em função da posição na copa

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lorena Moreira Carvalho Lemos

    2012-12-01

    Full Text Available O objetivo foi avaliar as características físico-químicas dos frutos colhidos em diferentes posições da copa de laranjeiras 'Pera'. A copa foi dividida em três alturas (basal, intermediária e apical, dois lados (lados opostos da copa, voltados para as entrelinhas - leste e oeste e duas posições (periferia e 30 cm para o interior da copa. A colheita dos frutos ocorreu em 09-07-09. Os frutos da periferia da copa apresentaram maiores valores de massa fresca, diâmetro longitudinal, diâmetro transversal, espessura do flavedo, teor de sólidos solúveis, índice de maturação e coloração da casca mais amarela que os frutos da parte interna da copa. Quanto às concentrações de vitamina C e acidez titulável, os frutos colhidos da periferia da copa foram os que continham menores concentrações. Em relação à altura da copa, observou-se que, nos frutos colhidos na parte apical da copa, a massa fresca e o diâmetro longitudinal foram maiores do que nos colhidos da parte basal. Nos frutos voltados para a face oeste, verificaram-se os maiores teores de sólidos solúveis e índice de maturação.

  2. Estimativa de repetibilidade para caracteres de qualidade de frutos de laranjeira-doce

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jacson Rondinelli da Silva Negreiros

    2014-01-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi determinar o coeficiente de repetibilidade de características de qualidade do fruto de laranjeira-doce (Citrus sinensis e o número mínimo de avaliações capaz de proporcionar níveis de certeza da predição do valor real dos genótipos. Foram avaliados, em cinco safras, 39 genótipos de laranjeira-doce, coletados em nove municípios do Estado do Acre. Utilizou-se o delineamento de blocos ao acaso, com três repetições. Foram avaliados: massa média de frutos, rendimento de suco, espessura de casca, sólidos solúveis (SS, acidez total (AT, relação SS/AT e índice tecnológico. Para a estimativa dos coeficientes de repetibilidade, foram utilizados os métodos da análise de variância, dos componentes principais e da análise estrutural. Todos os caracteres avaliados mostraram variabilidade, exceto o rendimento de suco. Os caracteres avaliados mostraram padrão cíclico, o que foi mais bem captado pelas metodologias multivariadas de estimativa do coeficiente de repetibilidade. São necessárias 15 avaliações para determinar, com 90% de certeza, os caracteres espessura de casca e sólidos solúveis, e 11, 6, 3, 2 e 1 avaliações, respectivamente para massa média de fruto, acidez total, índice tecnológico, rendimento de suco e relação SS/AT.

  3. Desempenho agronômico e qualidade dos frutos de bananeiras 'prata anã' e 'maçã' submetidas à adubação fosfatada

    OpenAIRE

    Bolfarini, Ana Carolina Batista [UNESP

    2015-01-01

    This study aimed to evaluate the influence of phosphorus levels on vegetative growth, the duration of the cycle, production and fruit quality of banana 'Prata Anã' and 'Maçã' at conditions of São Manuel-SP. The first agricultural cycle of the cultivars was evaluated separately. The experiment was conducted in a completely randomized design with six treatments (0, 40, 60, 80, 100 and 120 kg P2O5 ha-1) and seven repetitions. For post-harvest analysis were used five replicates per treatment. At ...

  4. Acibenzolar-S-Metil e silício como indutores de resistência à Sigatoka-negra em bananeira cultivar Grand Naine (AAA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cleilson do Nascimento Uchôa

    2014-03-01

    Full Text Available Uma alternativa ao uso de defensivos agrícolas no controle da Sigatoka-negra, causada pelo agente etiológico Mycosphaerella fijiensis, é a utilização da indução de resistência, que ativa os mecanismos latentes de resistência da planta com o uso de agentes bióticos ou abióticos, como por exemplo, o Acibenzolar-S-Metil (ASM e produtos a base de silício. Objetivou-se com este trabalho estudar a indução de resistência à Sigatoka-negra por ASM e Silicato de potássio. Folhas da bananeira Grand Naine (AAA foram pulverizadas com os tratamentos: T1 - Silicato de potássio a 0,5 %; T2 - 0,2 g.L-1 de ASM + Silicato de potássio a 0,5 %; T3 - 0,5 g.L-1 de ASM + Silicato de potássio a 0,5 %; T4 - 0,2 g.L-1 de ASM; T5 - 0,5 g.L-1 de ASM; T6 - 1g.L-1 de ASM; T7 - 1g.L-1 de ASM + Silicato de potássio a 0,5 %; T8 - Testemunha com inoculação e T9 - Testemunha sem inoculação com aplicação de água destilada esterilizada. Após sete dias as plantas foram inoculadas e mantidas em câmara de crescimento. Os tratamentos T1, T5, T6 e T7 não diferiram significativamente da testemunha inoculada. Os tratamentos T2, T3 e T4 reduziram a severidade da Sigatoka-negra, apresentando os respectivos valores 7,75, 8,75 e 12,75 para área abaixo da curva do progresso da doença e foram capazes de induzir a síntese conjunta de lignina e de fenóis.

  5. Características de frutos do meloeiro variando número e posição de frutos na planta Yield and quality of muskmelon varying fruit number and position in the plant, in protected cultivation

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roberto Cleiton F de Queiroga

    2009-03-01

    Full Text Available O trabalho foi conduzido em ambiente protegido, em área experimental da Universidade Federal de Viçosa, de 26/09/05 a 24/01/06, onde se objetivou avaliar a produtividade e a qualidade de frutos do meloeiro, variando número e posição de frutos na planta. Os tratamentos constaram de número de frutos por planta (1 e 2 e posição de fixação de frutos na planta (entre 5(0 e 8(0 nós e 15(0 e 18(0 nós. O delineamento experimental utilizado foi de blocos ao acaso no esquema fatorial 2 x 2, com 5 repetições. Utilizou-se a 'Coronado F1', variedade reticulatus do grupo Cantaloupe, cultivada em vasos plásticos de 11,5 dm³ preenchidos com fibra de coco comercial. Plantas com um fruto apresentaram maior duração do período de colheita, área foliar (AF (5(0 - 8(0 nó, massa média de frutos (MMF, reticulação da casca (RC, espessura da polpa (EP, comprimento (CF e diâmetro de frutos (DF, sólidos solúveis totais (SST, açúcares solúveis totais (AST, açúcares não redutores (ANR e menor produtividade comercial (PCF. A condução com frutos fixados entre os 15(0 e 18(0 nós, comparado a frutos fixados entre os 5(0 e 8(0 nós, proporcionou maior número de dias para iniciar e terminar a colheita, AF, MMF, PCF, EP, CF e DF (em plantas com 1 fruto, índice de maturação, AST, ANR e menor RC, acidez total titulável e concentração de açúcares redutores.The study was carried out in a greenhouse of the Universidade Federal de Viçosa, Minas Gerais State, Brazil, from 26/09/05 to 24/01/06, to evaluate the yield and quality of the melon fruit, varying the number and position of fruits on the plant. The treatments consisted of fruit number per plant (1 and 2 and fruit position in the plant (5th - 8th node and 15th - 18th node. A randomized block design was used, in a 2 x 2 factorial scheme, with 5 replications. The 'Coronado F1', variety reticulatus of the Cantaloupe group was cultivated in 11.5 dm³ plastic pots with commercial coconut

  6. ATRIBUTOS FÍSICO-QUÍMICOS E ACEITABILIDADE DOS FRUTOS DE FIGUEIRAS CULTIVADAS NA ESPANHA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Manoel Euzébio de Souza

    2014-09-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi analisar as características físico-químicas e sensoriais dos frutos de quatro variedades de figueira (Colar, San Antonio, Cuello de Dama Negro e Tiberio cultivadas no sudeste da Espanha. Para este estudo foram utilizados figos oriundos de uma área experimental da Escola Politécnica Superior de Orihuela da Universidade Miguel Hernández de Elche/Espanha. Os frutos foram avaliados no Laboratório de Pós-Colheita da Universidade Politécnica de Cartagena/Espanha. Foram mensuradas características como firmeza, pH, sólidos solúveis, açúcares, polifenóis totais, capacidade antioxidante e a análise sensorial dos frutos de quatro variedades de figueiras. Foram considerados 4 tratamentos (variedades e 3 repetições por tratamento, para cada repetição foram utilizados 5 frutos. Os frutos da variedade Tiberio mostraram menor firmeza e baixa qualidade sensorial, indicando menor aceitabilidade. As variedades Colar e Cuello de Dama Negro apresentaram frutos com maiores teores de polifenóis totais e capacidade antioxidante. Palavras-chave: Ficus carica L, qualidade, análise sensorial.   PHYSICO-CHEMICAL ATTRIBUTES AND ACCEPTABILITY OF FIG FRUITS CULTIVATED IN SPAIN ABSTRACT The aim of this study was to analyze the morphological, physicochemical and sensory characteristics of four fig fruits varieties grown in southeast Spain. For this study were used fig fruits coming from the experimental area of Orihuela Polytechnic School, University Miguel Hernández of Elche/Spain. After harvesting the fruits were brought to the Postharvest laboratory of Cartagena Polytechnic University/ Spain, where the weight characterization, longitudinal and equatorial diameter, ostiole diameter (morphological, consistency, pH,  soluble solids,  sugars, total polyphenols and antioxidant capacity (physico-chemical , , was performed, and sensory analysis of four fig fruits varieties (Colar, San Antonio, Cuello de Dama Negro and Tiberio

  7. Estudo das populações de mariposas perfuradoras de frutos (Lepidoptera: Noctuidae) em parreirais dos municípios de Bento Gonçalves e Farroupilha, Rio Grande do Sul

    OpenAIRE

    Zenker, Maurício Moraes

    2009-01-01

    A morfologia da espirotromba de noctuídeos adultos pode indicar diferentes hábitos alimentares. Algumas espécies, conhecidas como mariposas perfuradoras de frutos, apresentam espirotromba adaptada para perfurar a casca (primárias) ou somente a polpa (secundárias) de frutos para se alimentar, causando danos em pomares, enquanto que em outras esse órgão é utilizado para obter néctar e/ou qualquer tipo de matéria orgânica disponível em estado líquido. Visando determinar, através da morfologia da...

  8. Comportamento de forrageamento de abelhas e outros insetos nas panículas da mangueira (Mangifera indica L. e produção de frutos - DOI: 10.4025/actascianimsci.v31i3.6678 Forage behaviour of bees and other insects on mango flowers (Mangifera indica L. and fruit production - DOI: 10.4025/actascianimsci.v31i3.6678

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    André Luis Halak

    2009-09-01

    Full Text Available O experimento foi conduzido com o objetivo de se estudar a frequência, constância, o tipo de coleta (néctar e/ou pólen e comportamento de forrageamento dos insetos visitantes às flores da mangueira (Mangifera indica L. e seu efeito na produção de frutos. A frequência e o tipo de coleta dos insetos nas flores foram obtidos durante os primeiros 10 min. em cada horário, das 7 às 18h, com três repetições em cada ano. O teste de polinização foi realizado, utilizando-se dois tratamentos: panículas cobertas para se impedir a visita dos insetos e panículas descobertas (controle nas quais foi permitida a visita dos insetos. Os insetos da ordem Diptera, a abelha Tetragonisca angustula e o coleóptero Diabrotica speciosa foram espécies constantes nas panículas da mangueira, e os dípteros foram os mais frequentes. A porcentagem de frutificação foi maior nas flores visitadas pelos insetos.This research was carried out to study the frequency and constancy of visitors on mango inflorescence (Mangifera indica L. as well as collection type (nectar and pollen, its forage behaviour and these effects on fruit production. The frequency and collection type by insects on flowers were obtained in the first ten minutes of each hour between 7:00 a.m. and 6:00 p.m., with three replications in two years. The pollination test was performed with two treatments: covered flowers and uncovered flowers with free insect visits. Diptera order insects, stingless bees Tetragonisca angustula and Diabrotica speciosa were constant species on mango flowers, and Diptera insects were the more frequent visitors. Fruition percentage was higher in flowers visited by insects.

  9. Rendimento, qualidade e absorção de nutrientes pelos frutos de abóbora em função de doses de biofertilizante

    OpenAIRE

    Santos,Malei Rosa dos; Sediyama,Maria Aparecida N; Moreira,Marialva A; Megguer,Clarice Aparecida; Vidigal,Sanzio M

    2012-01-01

    O conhecimento do estado nutricional da planta e a exportação de nutrientes pela cultura auxiliam na tomada de decisão nos programas de adubação, podendo melhorar a qualidade e a produtividade de frutos de abóbora. O presente trabalho teve por objetivo avaliar o estado nutricional das plantas, a produtividade, a qualidade e a extração de nutrientes pelos frutos de duas cultivares de abóbora híbrida tipo Tetsukabuto adubada com biofertilizante suíno. O experimento foi realizado no período de m...

  10. Caracterização de frutos, sementes, plântulas e germinação de Jeniparana

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rejane Maria da Silva

    2014-10-01

    Full Text Available Gustavia augusta L., conhecida popularmente como jeniparana, é uma espécie arbórea neotropical, que ocorre nas florestas Atlântica e Amazônica. Considerando-se a abundância dessa espécie na floresta Atlântica e a fragilidade e fragmentação desse ecossistema, objetivou-se, com este trabalho, caracterizar seus frutos, sementes, germinação e plântulas, acrescentando informações para subsidiar estudos sobre sua conservação e utilização. Os frutos maduros foram coletados em fragmentos de floresta Atlântica, no município de Paulista, PE. Em seguida, foram realizadas análises morfológicas e biométricas dos frutos, sementes e plântulas da espécie. O fruto de G. augusta é um pixídio globoso, anfissarcídio, pentalocular, indeiscente. A semente é exalbuminosa, estenospérmica, trisseriada, bitegumentada e a massa de cem sementes desse lote foi de 47,95 g. A germinação da espécie é do tipo hipógea, com o tegumento aderido aos cotilédones na fase inicial do crescimento da plântula, que tem início a partir do quinto dia após a semeadura, em condições de laboratório. O tempo médio e o índice de velocidade de germinação (IVG foram de 14 dias e 0,87, respectivamente. A plântula com 40 dias apresenta todas as estruturas, sendo classificada no tipo morfofuncional fanerohipógeo-armazenador (PHR.

  11. Cultivation of Pleurotus sajor-caju on banana stalk and Bahia grass based substrates Cultivo de Pleurotus sajor-caju em substratos a base de grama batatais e engaço de bananeira

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Félix G de Siqueira

    2011-06-01

    outros resíduos (engaço de bananeira, capim "Coast-cross" e palha de feijão, de forma a manter a concentração de nitrogênio em torno de 1,5% no substrato. O engaço de bananeira e a grama batatais foram mais eficientes na produção do cogumelo P. sajor-caju quando utilizados puros, com uma eficiência biológica de 74,4 e 74,12%. Quando foram combinados com outros resíduos ou gramíneas, houve uma queda na eficiência biológica, independente da concentração de nitrogênio. Entretanto, para o engaço de bananeira, a adição de resíduos mais protéicos resultou em queda mais acentuada ou até mesmo na ausência de frutificação, indicando que concentrações mais elevadas de nitrogênio no substrato de cultivo podem prejudicar o cultivo deste cogumelo. Por outro lado, os resultados indicaram também que a concentração ideal de nitrogênio depende de outros fatores físico-químicos do substrato de cultivo, os quais podem estar associados na determinação da produtividade do cogumelo P. sajor-caju. Portanto, pode-se concluir que P. sajor-caju pode ser cultivado utilizando engaço de bananeira e grama batatais como substratos puros, não sendo necessária a sua suplementação ou combinação com outros substratos.

  12. Adubação fosfatada no meloeiro-amarelo: reflexos na produção e qualidade dos frutos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francisco Luis Gonçalves de Abrêu

    2011-12-01

    Full Text Available O melão (Cucumis melo L. é uma das culturas de grande expressão econômica e social para a região Nordeste do Brasil. Apesar disso e dos baixos níveis de fósforo (P dos solos tropicais, existem poucas pesquisas sobre adubação com P nesta cultura, embora seja frequentemente mencionado que este nutriente tem papel preponderante na produção e qualidade dos frutos. Neste contexto, objetivou-se com este trabalho avaliar o efeito de doses de P (0; 120; 240; 360 e 480 kg ha-1 de P2O5, na produção e qualidade do melão-amarelo híbrido Goldex F1, nas condições ambientais de Teresina - Piauí. O experimento foi conduzido em um delineamento de blocos ao acaso, com quatro repetições, tendo 40 plantas por parcela. Os frutos foram colhidos aos 75 após o plantio. Foram avaliados os dados médios da produção total, produção de frutos comerciais, massa e número de frutos por planta, comprimento e diâmetro de frutos, espessura da polpa de frutos, sólidos solúveis, acidez titulável e o índice de maturação. A produção total e comercial, assim como a massa e o número de frutos e acidez titulável aumentaram com as doses de P aplicadas até a dose de 278 kg ha-1 de P2O5. Doses acima de 278 kg ha-1 de P2O5 prejudicaram a produtividade de frutos classificados como comerciais. O comprimento, o diâmetro de frutos e a espessura de polpa aumentaram até a dose de 355 kg ha-1 de P2O5, com aumentos pouco expressivos entre 278 e 355 kg ha-1 de P2O5. O teor de sólidos solúveis totais não foi afetado pela adubação fosfatada. Para as condições de fertilidade do solo deste trabalho, recomenda-se uma dose ao redor de 275 kg ha-1 de P2O5.

  13. REGISTRO DE ESPÉCIES DE COLEOBROCAS ATACANDO BANANEIRAS DA CULTIVAR ‘TERRA’

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    SÔNIA MARIA FORTI BROGLIO

    2014-01-01

    Full Text Available It is reported the occurrence of coleoborers Cosmopolites sordidus (Germar, 1824, Metama- sius hemipterus (L., 1758, Metamasius canalipes (Gyllenhal, 1838 and Rhynchophorus palmarum (L., 1758 attacking banana cultivar 'Terra' (Musa paradisiaca (Musaceae, in the municipality of Joaquim Gomes, State of Alagoas. Twenty adult specimens were sent to Prof. Dr. Sergio Antonio Vanin, Department of Zoology, In- stitute of Biosciences, University of São Paulo and identified by morphological characteristics, being this the first report of M. canalipes and R. palmarum damaging the cultivar 'Terra’ in Brazil. Attack symptoms in the field are initially manifested by chlorosis, necrosis and fall of the lower leaves, the fruits did not develop satis- factorily and plants finished by fall over. As a result of infestation was observed the death of 70% of the plants evaluated in the area.

  14. CONTROL DE Anastrepha serpentina (Wiedemann Y CALIDAD DE LOS FRUTOS DE ZAPOTE MAMEY Pouteria sapota (Jacq Moore & Stearn TRATADOS CON AIRE CALIENTE FORZADO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    R. Ariza-Flores

    2009-01-01

    Full Text Available Los objetivos de este estudio fue evaluar la efectividad de tratamientos térmicos con aire caliente forzado húmedo en el combate de la mosca de los zapotes (Anastrepha serpentina Wiedemann "in vivo" y determinar la tolerancia a las condiciones aplicadas de frutos de zapote mamey. Los frutos no fueron dañados internamente por el tratamiento térmico cuando fueron expuestos a 43 °C·120 min-1. Los frutos alcanzaron su madurez de consumo a los ocho días a 25 °C, presentaron cambios rápidamente en color y perdieron más peso; mientras que, a 10 °C se mantuvieron con mayor firmeza, prolongaron su vida de anaquel y mostraron mayores daños en los haces vasculares. Con respecto a la mortandad de los huevos y larvas de mosca de la fruta A. serpentina, éstas fueron del 100 % con la atmósfera controlada (CA de aire caliente a 43 °C·120 min-1, igualmente los frutos no fueron dañados por la aplicación de la CA; las larvas murieron fácilmente por el calor a 40 °C·120 min-1, mientras que los huevos fueron más resistentes ya que ocurrieron larvas emergidas a 25 °C para los ocho días de almacenados.

  15. SEXUAL PROPAGATION OF 'PEQUI' (Caryocar brasilienseCamb.: EFFECT OF FRUITS PROCEDENCE AND GIBERELIC ACID ON THE EMERGENCE OF SEEDLINGS PROPAGAÇÃO SEXUADA DE PEQUIZEIRO (Caryocar brasiliense Camb.: EFEITO DA PROCEDÊNCIA DE FRUTOS E DO ÁCIDO GIBERÉLICO NA EMERGÊNCIA DE PLÂNTULAS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Osvaldo Antunes de Souza

    2007-10-01

    interno e endocarpo imersos em água; putámens sem polpa (mesocarpo interno imersos em água; sementes (amêndoas imersas em água; putámens imersos em solução de ácido giberélico 10%; putámens sem polpa imersos em solução de ácido giberélico; sementes imersas em solução de ácido giberélico. O delineamento experimental foi blocos ao acaso, com quatro repetições. O experimento foi conduzido em telado com 50% de sombreamento. Foram feitas observações a cada 48 horas, por período de 77 dias, contado a partir da semeadura. Não se observou variação significativa (p>0,05 entre as procedências dos frutos, tanto em germinação como em IVE. Putámens com ou sem polpa e tratados com ácido giberélico apresentaram índices de germinação satisfatórios, acima de 30%, e superiores (p<0,05 àqueles imersos em água. Já nas amêndoas, os tratamentos com imersão em ácido giberélico e água não diferiram (p>0,05 para esta característica. Ademais, não se detectou efeito significativo (p>0,05 dos tratamentos sobre o índice de velocidade de emergência das plântulas.

    PALAVRAS-CHAVE: Pequi; GA3; ácido giberélico; amêndoa.

  16. Correlação entre características quantitativas e qualitativas de frutos de pessegueiros na geração F2 cultivados em região subtropical

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Danielle Fabíola Pereira Silva

    2013-02-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar as relações entre características quantitativas e qualitativas de frutos de pessegueiro, cultivados em região subtropical. Para isso foram utilizados frutos totalmente maduros, obtidos de cinco populações, em geração F2, cultivadas em condições de clima subtropical. Foram avaliados: coloração da epiderme (coordenadas b* e h°, diâmetro médio do fruto, comprimento do fruto, firmeza instrumental da polpa, teor de sólidos solúveis, acidez titulável, teor de ácido ascórbico, percentagem de vermelho na epiderme, coloração da polpa, aderência do caroço, consistência manual da polpa e época de colheita. Os dados foram utilizados para obtenção de coeficientes parciais de correlação entre todas as variáveis. Observou-se variação entre os valores obtidos para cada característica. Há correlações parciais significativas a 1% de probabilidade, de intensidades médias e fracas, entre as características estudadas de frutos de pessegueiro. As maiores correlações foram obtidas entre comprimento e diâmetro de frutos (0,690** e entre os descritores b e h, obtidos por meio de colorímetro (0,516**. Frutos mais tardios apresentam, geralmente, maior firmeza de polpa, menores teores de vitamina C e menos pigmentação amarela na epiderme. Pêssegos de polpa amarela são mais firmes e apresentam maior acidez no suco.

  17. Características físicas e químicas de frutos de pupunheira no Estado do Pará

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Vânia Carvalho

    2013-09-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi caracterizar física e físico-quimicamente frutos de 21 matrizes de pupunheira (Bactris gasipaes Kunth, visando a obter subsídios que permitam avançar com o programa de melhoramento genético, em especial para características da polpa do fruto. Os frutos provenientes de diferentes genótipos foram caracterizados quanto à dimensão dos frutos e caroço, umidade, proteínas, lipídeos, cinzas, fibras e carotenoides totais. Os resultados obtidos para as diferentes variáveis analisadas demonstraram diferenças entre os frutos obtidos de diferentes genótipos. A análise de proteínas apresentou valores que variaram de 4,20 a 6,79%, com destaque para a matriz B04-P20, que apresentou o maior valor. Para lipídeos, os teores variaram bastante, com valores entre 8,25 e 40,83%, destacando-se a matriz B02-P30 com o maior teor de lipídeos. Os teores de carotenoides totais das matrizes de pupunheira variaram de 8,02 a 124,90µg/g, com destaque para as matrizes B02-P30 (124,90µg/g e B05-P45 (123,04µg/g, indicando que a pupunha pode contribuir de maneira importante na ingestão de antioxidantes na dieta. De maneira geral, as análises físicas e físico-químicas dos frutos mostraram diferenças significativas entre as matrizes para os caracteres estudados, evidenciando ser um conjunto geneticamente promissor para a prática da seleção.

  18. Maturação e determinação do ponto de colheita de frutos de envira-caju

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Josianny Feitosa de Farias

    2011-09-01

    Full Text Available O presente trabalho objetivou identificar o ponto de colheita, os índices de maturação e a qualidade dos frutos da envireira-caju (Onychopetalum periquino. Os frutos foram colhidos em cinco estádios de maturação (1-verde; 2-verde-laranja; 3-laranja; 4-laranja-vinho, e 5-vinho, sendo o estádio 5 colhido já amadurecido na planta e usado como padrão na determinação do ponto de colheita e do índice de qualidade do fruto. Os frutos colhidos foram armazenados a 26 ± 3 ºC e 85-90% de UR. O delineamento experimental foi o inteiramente casualizado, em esquema de parcela subdividida no tempo com tratamento adicional, com quatro repetições de três frutos cada. As parcelas compreenderam os estádios de maturação na colheita, e as subparcelas, a maturação no dia da análise (0 dia para todos os estádios, 4 dias para os estádios 1 e 2, e 2 dias para os estádios 3 e 4. A interação entre o ponto de colheita e o armazenamento afetou significativamente todas as variáveis analisadas, exceto o rendimento de polpa. Os frutos colhidos no estádio verde-laranja atingiram índices de qualidade equivalente aos frutos amadurecidos na planta, após o amadurecimento. O ponto de colheita dos frutos corresponde à cor verde-laranja da casca, contendo 0,14% de acidez total titulável (AT; 8,62% de sólidos solúveis (SS; 64,17 de SS/AT; 60,55 g de peso médio, e 60,37% de rendimento de polpa, constituindo índices confiáveis do ponto de colheita.

  19. Aplicação de potássio, magnésio e calcário em mudas de bananeira 'Prata-anã' (AAB Potassium, magnesium and limestone application in banana tree seedlings 'Prata anã' (AAB

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Tadeu Alves da Silva

    2008-09-01

    Full Text Available Para aplicar elevada quantidade de K no solo, é necessário que exista Mg em quantidade adequada, para evitar o aparecimento de distúrbios fisiológicos na bananeira. O objetivo deste trabalho foi avaliar os efeitos da aplicação de potássio (K, magnésio (Mg e calcário sobre o desenvolvimento de mudas de bananeira 'Prata-anã' (AAB cultivadas em casa de vegetação. Os tratamentos foram distribuídos no delineamento de blocos casualizados, com quatro repeti��ões em esquema fatorial (5x5x2, correspondentes a cinco doses de K (0; 200; 400; 800 e 1.600 mg dm-3, cinco doses de Mg (0; 30; 60; 90 e 180 mg dm-3 e duas doses de calcário dolomítico (0 e 2 t ha-1. A produção da massa da matéria seca das mudas de bananeira aumentou com as aplicações de K e calcário no solo e reduziu com as doses de Mg. Para a produção máxima da massa da matéria seca da parte aérea das mudas de bananeira, a relação Ca: K: Mg no solo apresentou valores de 2,0: 0,3: 0,9, que correspondem a 62%, 9% e 28% da saturação por base, respectivamente.To apply high amount of K in the soil, it is necessary that Mg in adequate amount exists, in order to prevent the appearance of physiologic disturbances in banana tree. The objective of this work was to verify the effects of the application of K, Mg and limestone in the development of banana tree seedlings 'Prata Anã'(AAB cultivated in greenhouse. The treatments were distributed in a complete block design, with four repetitions, in factorial scheme (5x5x2, corresponding to five K rates (0, 200, 400, 800 and 1600 mg dm-3, five Mg rates (0, 30, 60, 90 and 180 mg dm-3 and two limestone rates (0 and 2 t ha-1. The dry matter production of banana tree seedlings increased with the applications of K and limestone in soil and reduced with the rates of Mg. For the maximum production of dry matter of the aerial part of the banana tree seedlings the relationships Ca: K: Mg in the soil presented values of 2,0: 0,3: 0

  20. Fruit quality of ‘Jiro’ japanese persimmon fruits bagged with different types of packings/ Qualidade de frutos de caqui ‘Jiro’ ensacados com diferentes embalagens

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Louise Larissa May de Mio

    2007-10-01

    Full Text Available The bagging technique of fruits comes being used by many producers, aiming at the fruit quality, reduction of application of agro toxics and reduction of the damages caused by insects and diseases. The present work evaluated the quality of bagging fruits of ‘Jiro’ japanese persimmon with different types of bags. The experiment was lead in the orchard of Japanese persimmon of the Experimental Farm of the Canguiri of the UFPR, located in Pinhais-PR. The fertilization and the management of the orchard were entirely organic. The treatments had been: microperforated plastic bag, brown kraft paper bag, butter-like paper bag, newspaper bag and without bagging. The experimental design used was randomized blocks with five replicates, being each plant considered a block. Each parcel was composed by 20 fruits. The bagging was made after the physiological fall of the young fruits, distributing the types of bags aleatorely inside each plant. The evaluation was 77 days after bagging, verifying the number of fruits harvested, mass of the fruits, diameter of the fruits, number of fruits in each category of maturation, number of fruits attacked with Schyzothyrium pomi and soluble solids content. The results were significant only in the incidence of S. pomi and in the percentage of coloration of the fruits. The bagging with newspaper and brown kraft bags reduced the incidence of S. Pomi and the color of fruits. The size and the soluble solids content were not affected by bagging.A técnica de ensacamento de frutos vem sendo utilizadas por muitos produtores, visando a melhor qualidade de frutos, redução de aplicação de agrotóxicos e diminuição dos danos provocados por pragas e doenças. O presente trabalho avaliou a qualidade de frutos de caquizeiro ‘Jiro’ ensacados com diferentes tipos de embalagens. O experimento foi conduzido no pomar de caquizeiro da Fazenda Experimental do Canguiri da UFPR, localizada em Pinhais-PR. A adubação e o manejo do

  1. Fungos micorrízicos arbusculares em bananeiras cultivadas no Vale do Submédio São Francisco Arbuscular mycorrhizal fungi associated with roots of banana cultivated in the Submédio São Francisco Valley

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriana Mayumi Yano de Melo

    1997-12-01

    Full Text Available Na região do Vale do São Francisco, onde a exploração da agricultura irrigada é a principal responsável pela alta produção de frutas para exportação, a banana é uma das culturas que mais tem se expandido em área cultivada. Com o objetivo de registrar os fungos micorrízicos arbusculares associados a essa cultura, foram coletadas, sob a parte aérea da bananeira, amostras de solo da rizosfera, em quatro áreas com diferentes características de solo, sendo identificadas as espécies: Acaulospora longula Spain & Schenck, A. morrowiae Spain & Schenck, A. rehmii Sieverding & Toro, A. scrobiculata Trappe, A. spinosa Walker & Trappe, A. tuberculata Janos & Trappe, Entrophospora infrequens (Hall Ames & Schneider, Gigaspora ramisporophora Spain, Sieverding & Schenck, Glomus diaphanum Morton & Walker, G. etunicatum Becker & Gerd., G. intraradices Schenck & Smith, G. macrocarpum Tui. & Tui., G. mosseae (Nicol. & Gerd. Gerd. & Trappe, G. occultum Walker e Scutellospora sp. A percentagem de colonização das raízes de bananeiras nas diferentes áreas foi em média 55%.In the region of the São Francisco Valley, where irrigated agriculture is responsable for high production of fruits for exportation, banana is one of the most expanded crops in cultivated areas. In order to know the arbuscular mycorrhizal fungi associated with this crop, samples from the rhizosphere of banana plants were collected in four areas with different soil characteristics, being identified the species: Acaulospora longula Spain & Schenck, A. morrowiae Spain & Schenck, A. rehmii Sieverding & Toro, A. scrobiculata Trappe, A. spinosa Walker & Trappe, A. tuberculata Janos & Trappe, Entrophospora infrequens (Hall Ames & Schneider, Gigaspora ramisporophora Spain, Sieverding & Schenck, Glomus diaphanum Morton & Walker, G. etunicatum Becker & Gerd., G. intraradices Schenck & Smith, G. macrocarpum Tui. & Tui., G. mosseae (Nicol. & Gerd. Gerd. & Trappe, G. occultum Walker and

  2. Tamanho de amostra para caracterização morfológica de frutos de pimenteira Sample size for morphological characterization of pepper fruits

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    AR Silva

    2011-03-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi determinar o tamanho apropriado de amostra por meio da técnica de simulação de subamostras para a caracterização de variáveis morfológicas de frutos de oito acessos (variedades de quatro espécies de pimenteira (Capsicum spp., que foram cultivadas em área experimental da UFPB. Foram analisados tamanhos reduzidos de amostras, variando de 3 a 29 frutos, com 100 amostras para cada tamanho simulado em um processo de amostragem com reposição de dados. Realizou-se análise de variância para os números mínimos de frutos por amostra que representasse a amostra de referência (30 frutos em cada variável estudada, constituindo um delineamento experimental inteiramente casualizado com duas repetições, onde cada dado representou o primeiro número de frutos na amostra simulada que não apresentou nenhum valor fora do intervalo de confiança da amostra de referência e que assim manteve-se até a última subamostra da simulação. A técnica de simulação utilizada permitiu obter, com a mesma precisão da amostra de 30 frutos, reduções do tamanho amostral em torno de 50%, dependendo da variável morfológica, não havendo diferenças entre os acessos.The appropriate sample size for the evaluation of morphological fruit traits of pepper was evaluated through a technique of simulation of subsamples. The treatments consisted of eight accessions of four pepper species (Capsicum spp., cultivated in an experimental area of the Universidade Federal da Paraíba. Small samples, ranging from 3 to 29 fruits were evaluated. For each sample size, 100 subsamples were simulated with data replacement. The data were submitted to analysis of variance, in a complete randomized design, for the minimum number of fruits per sample. Each collected data consisted of the first number of fruits in the simulated sample without values out of the confidence interval. This procedure was done up to the last subsample simulation. The

  3. Desenvolvimento dos frutos nas espécies selvagens de amendoim (Arachis spp. Fruit development in wild species of peanut

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cândida H. T. Mendes Conagin

    1959-01-01

    Full Text Available As espécies selvagens de amendoim apresentam frutos completamente diferentes dos frutos do amendoim cultivado (Arachis hypogaea L.. Nesta espécie os frutos têm duas a cinco sementes justapostas dentro de uma única loja; externamente são observadas constrições na casca do fruto as quais em alguns casos se acentuam não chegando, entretanto, a produzir unia separação entre as sementes. Nas espécies selvagens os frutos apresentam duas sementes apenas, completamente separadas uma da outra por uma constrição muito profunda ou mesmo por um istmo de comprimento variável. Para êsses frutos foi adotada a denominação de "frutos catenados" e o estudo de seu desenvolvimento foi feito nas espécies Arachis monticola Krapovickas et Rigoni e A. villosa Benth. var. correntina Burk. O ovário, unilocular, tem normalmente dois óvulos. A futura separação das duas sementes se origina num tecido intercalar que se forma em ovários ainda jovens e que separa em duas a cavidade inicial única. Êste tecido tem a estrutura de um "peg" e, como êle, desidrata-se durante o processo de amadurecimento do fruto, tomando-se sêco e quebradiço; por essa razão, ao colhêr os frutos, a maioria dêles se apresenta unisseminado. Em 50% dos casos os óvulos se desenvolvem igualmente, conduzindo à formação de frutos com duas sementes. Quando os dois óvulos não se desenvolvem ao mesmo tempo, é mais freqüente o colapso do óvulo apical, cujo crescimento é paralisado cm diversos estados de desenvolvimento; isto conduz à formação de frutos com apenas uma semente ou com uma semente abortada. Além dessas duas, as seguintes espécies apresentam frutos catenados: Arachis Diogoi Hoehne f. typica Hoehne, A. glabrata Benth., A. pusilla Benth., A. marginata Gardn. (segundo Burkart, A. prostrata Benth. (segundo Burkart, e mais três espécies ainda não identificadas, mas que constam da coleção da Seção de Citologia como V. 44, V. 82 e V. 85. A V. 44 deve

  4. Intoxicação espontânea e experimental por folhas e frutos de erythroxylum deciduum (cocão) em ovinos no Estado de Santa Catarina

    OpenAIRE

    Borelli, Vanessa

    2009-01-01

    Descreve-se uma enfermidade em ovinos de ocorrência sazonal, caracterizada por manifestações nervosas e morte rápida, nos municípios de Rancho Queimado e Ponte Alta do Sul, no estado de Santa Catarina. Alguns produtores relacionavam a doença ao consumo de frutos de uma árvore conhecida como cocão (Erythroxylum deciduum), cuja toxidez já foi descrita anteriormente. Em virtude da ausência de frutos maduros desta árvore por ocasião da ocorrência dos surtos no município de Rancho...

  5. CRESCIMENTO E OXIDAÇÃO DE EXPLANTES DE BANANEIRA-PRATA (Musa AAB IN VITRO: I. CONCENTRAÇÕES DE SAIS DE FERRO, COBRE E ZINCO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    UTINO SERGIO

    2001-01-01

    Full Text Available Este experimento teve como objetivo avaliar a influência de diferentes concentrações de ferro, cobre e zinco do meio MS (MURASHIGE & SKOOG, 1962 no controle da oxidação de explantes iniciais de bananeira-Prata (Musa AAB. Foram utilizadas três concentrações (100, 50 e 0 miM de FeEDTA, duas concentrações (0,1 e 0miM de (CuSO4.5H2O e duas concentrações (30 e 0miM de (ZnSO4.7H2O, num delineamento inteiramente casualizado, arranjado em um fatorial completo 3 x 2 x 2, utilizando-se de 15 repetições. Ápices caulinares foram inoculados em meio MS modificado e, decorridos 28 dias após a inoculação, avaliaram-se a massa de matéria fresca, altura e grau de oxidação. Observou-se que esses micronutrientes são essenciais para o crescimento dos explantes e que a concentração de ferro influencia na oxidação de explantes, sendo que maiores graus de escurecimento foram observados nas concentrações mais elevadas. A redução ou retirada destes elementos do meio MS, isoladamente ou em combinações, não foi suficiente para eliminar a oxidação dos explantes.

  6. Caracterização físico-química de frutos de genótipos de aceroleira (Malpighia emarginata D.C.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Inês Sucupira Maciel

    2010-12-01

    Full Text Available No Brasil, a aceroleira, decorrente principalmente da propagação por sementes, tem dado origem a plantios comerciais cujos frutos apresentam parâmetros de qualidade diferenciados. Características físico-químicas de frutos de 18 genótipos de aceroleira (Malpighia emarginata DC. do Banco Ativo de Germoplasma da Universidade Federal Rural de Pernambuco - UFRPE foram avaliados. O rendimento em polpa variou de 41,06% (PL 40 a 72,54% (PL 43 e, com exceção do genótipo PL 37, os demais apresentaram frutos com teores de ácido ascórbico superiores a 1000 mg.100 g-1. O genótipo PL 39 destacou-se por apresentar o maior teor de ácido ascórbico (1667 mg.100 g-1, SST e flavonóis (15,04 mg.100 g-1, além de elevado teor de antocianinas, sendo, portanto, o mais promissor. Os frutos do genótipo PL 34 revelaram o maior valor de SST/ATT, indicando ser o mais doce

  7. Fenólicos totais e capacidade antioxidante in vitro de polpas de frutos tropicais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luanne Morais Vieira

    2011-09-01

    Full Text Available O consumo de frutos e suas polpas tem sido muito recomendado por seu valor nutricional, alto teor de fibras, vitamina C e carotenoides. Trabalhos recentes têm apontado esses alimentos como fontes de compostos fenólicos com ação antioxidante, portanto sequestradores de radicais livres, com ação protetora contra o surgimento e/ou desenvolvimento de processos degenerativos que conduzem a doenças crônicas não transmissíveis. Devido à crescente comercialização e consumo de polpas de frutas no Brasil, especialmente na cidade de Teresina-Piauí, este trabalho selecionou um grupo de polpas de frutos de elevado consumo local para avaliação do teor de fenólicos totais e da atividade antioxidante in vitro pelo método de captura de radicais livres: DPPH (radical 1,1-diphenil-2-picrilhydrazil e ABTS (radical 2,2'azinobis(3-ethylbenzthiazoline-6-sulfonic acid. Os frutos selecionados foram: Acerola (Malpighia emarginata DC., Bacuri (Platonia insignis Mart., Cajá (Spondias mombin L., Caju (Anacardium occidentale, Goiaba(Psidium guajava e Tamarindo (Tamarindus indica L.. Os teores de fenólicos totais encontrados nas polpascongeladas destes frutos exibiram quantidades relevantes de polifenóis, destacando-se a polpa de acerola com 835,25 ± 32,44 e 449,63 ± 10,24 mg /100g nos extratos aquosos e hidroalcoólicos, respectivamente, seguido pela polpa de caju com 201,61 ± 19,15 e 165,07 ± 4,10 mg /100g. As polpas de bacuri e tamarindo foram as que apresentaram os menores teores de fenólicos totais. Com relação à atividade antioxidante in vitro, os melhores resultados foram encontrados para os extratos aquosos e hidroalcoólicos das polpas de acerola, caju e goiaba. A capacidade antioxidante destas polpas (EC50 em µg/mL variou de 24,42 a 413,36 e de 1,74 a 259,18 para os extratos aquosos e hidroalcoólicos, respectivamente. Utilizando o radical ABTS, a atividade antioxidante para essas mesmas polpas de frutas apresentou valores TEAC que

  8. Estabelecimento de normas dris para bananeira 'Prata Anã' (AAB sob irrigação Establishment of the dris norms for 'Prata Anã' banana (AAB under irrigation

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Tadeu Alves da Silva

    2006-02-01

    Full Text Available Objetivou-se com este trabalho estabelecer as normas DRIS (Sistema Integrado de Diagnose e Recomendação para a bananeira 'Prata Anã' (AAB cultivada no semi-árido do Norte de Minas Gerais, sob irrigação. Foram selecionadas 58 áreas exploradas comercialmente com essa variedade. Em cada área foram coletadas amostras de folhas em três ciclos sucessivos de produção da bananeira na fase inicial de emissão do cacho, com exceção de seis áreas, nessas as coletas foram realizadas apenas em dois ciclos sucessivos, totalizando 168 amostras de folhas, as quais foram analisadas para determinação dos nutrientes (N, P, K, Ca, Mg, S, B, Cu, Fe, Mn e Zn. Os cachos de banana, das plantas marcadas com tinta por ocasião da coleta de folhas, foram colhidos, despencados e pesados. As áreas foram divididas em populações de alta produtividade (PAP ( > 30 t ha-1 ano-1 e de baixa produtividade (PBP (The objective of this work was to establish the DRIS (diagnosis and recommendations integrated system norms for the 'Prata Anã' banana (AAB cultivated in the semi-arid of the North of Minas Gerais state under irrigation. A total of 58 areas commercially cultivated with 'Prata Anã' banana were selected. In each area, leaves samples were collected in three successive cycles of banana production in the initial phase of emission of the bunch, except for six areas, in which the collections were performed only in two successive cycles, totaling 168 leaves samples, which were analyzed for determination of the nutrients (N, P, K, Ca, Mg, S, B, Cu, Fe, Mn and Zn. Banana's bunches of the plants marked with paint were harvested and weighted. The areas were divided in high-yielding population (HYP (>30 t ha-1 year-1 and in low-yielding population (LYP (< 30 t ha-1year-1. The results of the leaves analyses and yield of each area formed a database. The average, the variance and the variation coefficient for the relationship two to two among nutrients tenors were

  9. Seleção de caramboleiras pelas características biométricas e físico-químicas dos frutos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Araújo Paulo Sérgio Rodrigues de

    2001-01-01

    Full Text Available Caracterizaram-se caramboleiras relacionando as características biométricas e físico-químicas dos frutos. Foram utilizadas 15 caramboleiras de pomar comercial, em Mirandópolis-SP. Procederam-se seis coletas de 50 frutos por planta, no período entre 1997 e 1999, para avaliações biométricas de comprimento, diâmetro, massa, número de gomos e sementes. Nas referidas coletas para avaliação dos parâmetros físico-químicos, utilizaram-se três frutos por planta, sendo analisados: sólidos solúveis totais (SST, acidez total titulável (ATT, "ratio", firmeza de polpa, pH e coloração externa. Duas plantas foram superiores às demais em relação ao comprimento e massa dos frutos, apresentando elevados teores de SST e "ratio", entretanto, baixa ATT, características interessantes para o consumo fresco. Contudo, foi limitante o grande número de sementes de uma planta em relação à outra. Como opção para porta-enxerto, devido ao elevado número de sementes nos frutos, destacaram-se três plantas. Com potencial para processamento foi selecionada uma planta, decorrente da elevada ATT, baixo número de sementes e tamanho do fruto entre médio e grande.

  10. Compostos fenólicos e capacidade antioxidante em frutos de tomateiros mutantes fotomorfogenéticos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tiago Dias

    2015-05-01

    Full Text Available Compostos fenólicos e capacidade antioxidante são mecanismos de defesa das plantas aos danos do estresse oxidativo. Os compostos fenólicos são sintetizados pela via dos fenilpropanoides, cuja enzima chave, fenilalanina amônia liase, é influenciada pela luz e ação de fotorreceptores, como o fitocromo. O objetivo do presente trabalho é avaliar a concentração de compostos fenólicos e a capacidade antioxidante de frutos de microtomateiro selvagem, cultivar "Micro-Tom" (MT, e seus mutantes fotomorfogenéticos high pigment 1 (hp1, super-responsivo a eventos mediados por luz e aurea (au, deficiente quantitativo em fitocromos. Vinte frutos maduros de cada genótipo (MT, hp1 e au foram utilizados para as análises, realizadas em triplicata. Para quantificação dos compostos fenólicos totais, foi utilizado o método de Folin-Ciocalteu e a capacidade antioxidante foi realizada pelos métodos Ferric Reducing Antioxidant Power (FRAP e 2,2-diphenyl-1-picrylhydrazyl (DPPH. Os frutos do mutante hp1 apresentaram maiores conteúdos de compostos fenólicos totais e também maior capacidade antioxidante em relação à cultivar selvagem ("MT" e ao mutante au, o qual não diferiu significativamente da cultivar "MT".

  11. Avaliação nutricional de bananeira 'Prata Anã' (AAB, sob irrigação no semi-árido do norte de Minas Gerais, pelo método DRIS Nutritional evaluation of the 'Prata Anã'banana (AAB under irrigation, in the semi-arid of north of Minas Gerais state, for the DRIS method

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Tadeu Alves da Silva

    2005-08-01

    Full Text Available Objetivou-se com este trabalho avaliar o estado nutricional de bananeiras 'Prata Anã' (ABB cultivadas no Norte de Minas Gerais, utilizando o método do sistema integrado de diagnose e recomendação (DRIS. Foram realizadas as avaliações nutricionais de 168 amostras de folhas coletadas em 58 áreas cultivadas com bananeira irrigada. O Cu e Mn foram os nutrientes que apresentaram teores deficientes em maiores freqüências de bananais e Ca, Mg e Mn apresentaram teores excessivos em maiores freqüências. Os teores de N e K apresentaram-se deficientes em 18% e 23% dos bananais, respectivamente. A freqüência de bananais com teor adequado de N foi maior naqueles da população de alta produtividade.Verificou-se a mesma freqüência com teor adequado de K entre os bananais de alta e baixa produtividade. Fatores de ordem não nutricionais limitaram a produção das bananeiras da população de baixa produtividade.The objective of this work was to evaluate the nutritional status of the 'Prata Anã'(AAB banana cultivated in North of Minas Gerais state using, the method of the diagnosis integrated system and recommendation (DRIS. The nutritional evaluations were performed in 168 leaf samples collected in 58 areas cultivated with irrigated banana . The Cu and Mn were the nutrients that presented deficient in larger frequencies of banana plantations and the nutrients that presented excessive content in larger frequencies of banana plantations were Ca, Mg and Mn. The N and K content were deficient in 18% and 23% of the banana plantations, respectively. The frequency of banana plantations with adequate content of N was larger in the high yielding banana population. The same frequency was verified with adequate content of K among banana plantations of high and low yiel. Fators of non-nutritional limited the banana yield of the population of low productivity.

  12. Efeito da aplicação de biofertilizante e outros produtos químicos e biológicos, no controle da broca pequena do fruto e na produção do tomateiro tutorado em duas épocas de cultivo e dois sistemas de irrigação Effect of biofertilizer, and others biological and chemical products, in controlling the fruit small driller and in the production of staked tomato in two planting seasons and two irrigation systems

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Urbana C. Nunes

    2001-03-01

    Full Text Available Avaliou-se o efeito de biofertilizante, associado ou não a produtos biológicos e químicos, em diferentes condições de irrigação, sobre a produção do tomateiro tutorado e a ocorrência da broca pequena do fruto. Os experimentos foram conduzidos na região de Itabaiana (SE nos períodos seco e chuvoso. O delineamento experimental foi de blocos ao acaso com 13 tratamentos e quatro repetições, sendo cada parcela composta de 48 plantas no espaçamento de 1,00 x 0,50 m com uma planta por cova conduzida com duas hastes. A eficiência dos tratamentos variou com a época de plantio e com o sistema de irrigação utilizado. De modo geral, na época chuvosa, obteve-se maiores produções totais e comerciais superando as produções obtidas na época seca em 82% e 59%, respectivamente, e um maior peso médio de frutos. Também na época chuvosa a percentagem de frutos brocados foi significativamente superior àquela obtida na época seca. Para o plantio na época seca, os melhores tratamentos foram: a com irrigação por aspersão: Bacillus thuringiensis subsp. Kurstaki (Btk isolado ou em combinação com clorfluazuron; deltametrina + clorfluazuron e Btk + biofertilizante; b com irrigação por gotejamento: Btk + clorfluazuron. Para o plantio na época de chuva destacaram-se os tratamentos: a com irrigação por aspersão: Btk + clorfluazuron; biofertilizante + teflubenzuron e clorfluazuron; b com irrigação por gotejamento: biofertilizante + clorfluazuron e biofertilizante + abamectin.The objective of this study was to evaluate the effects of a biofertilizer associated or not with biological and chemical products under different irrigation systems upon the yield of staked tomato and the occurrence of the "small fruit borer". The experiments were carried out at Itabaiana county, Sergipe State, Brazil, during the dry and wet seasons, on a randomized blocks design with 13 treatments and four replications. Each plot contained 48 plants, with two

  13. MANEJO FITOTÉCNICO DA BANANEIRA, CULTIVAR D' ANGOLA (AAB, VISANDO AO CONTROLE DA SIGATOKA-NEGRA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    MARIA DE JESUS BARBOSA CAVALCANTE

    2014-01-01

    Full Text Available The objective of this work was to evaluate management systems for the control of Black Siga- toka in the cultivation of banana D'Angola cultivar. The experiment was installed and carried out at Embrapa Acre, Rio Branco - AC with the treatments distributed in randomized complete blocks with six replications consisting of different planting densities, corresponding to T1 - (1.111 plants ha-1; T2 - 1.666 plants ha-1; T3 - 2.000 plants ha-1; T4 - 1.333 plants ha-1; T5 - 2.500 plants ha-1 and; T6 - 1.111 plants ha-1 under rubber trees. The evaluations were carried out during two cycles of production. Plants of cv. D'Angola (AAB cultivated in 3.0 x 3.0 m, shaded by the rubber trees, presented higher plant height, higher number of functional leaves at flowering and harvest, higher average bunch weight, greater weight of the bunches, longer cycle production and reduced severity of black sigatoka. Highest yields were obtained when we adopted higher densities. The banana intercropping with rubber trees proved to be a good alternative to permit cultivation of cv. D'Angola (long banana.

  14. Produção de frutos e estolhos do morangueiro em diferentes sistemas de cultivo em ambiente protegido

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernandes-Júnior Flavio

    2002-01-01

    Full Text Available Este trabalho teve por objetivo comparar a produção de frutos e de estolhos do morangueiro (Fragariaxananassa Duch. cv. Campinas IAC-2712, em função de três sistemas de condução em ambiente protegido (solo, hidropônico-NFT e hidroponia em casca de arroz carbonizada em colunas verticais. O experimento foi realizado no período de junho de 2000 a fevereiro de 2001, na Estação Experimental de Agronomia de Jundiaí (latitude: 23:06'S, longitude: 46:55'W, altitude média: 715 m, clima Cwa, do Instituto Agronômico, seguindo-se o delineamento de parcelas subdivididas com três repetições, em casa de vegetação modelo semi-arco com abertura zenital superior. Nos dois sistemas hidropônicos foram usadas duas composições de soluções nutritivas, respectivamente, para a fase de crescimento vegetativo e para a produção de frutos. Os resultados obtidos permitiram concluir que no sistema vertical, embora as produções de frutos e de estolhos por planta tenham sido menores que nos demais sistemas estudados, há possibilidade de melhor aproveitamento interno do ambiente protegido, com reflexos positivos no aumento do rendimento por área e maior facilidade de manejo da cultura, incluindo as operações de transplante, limpeza das plantas e colheitas de frutos e remoção de estolhos. Essas vantagens também se aplicam ao sistema hidropônico-NFT mesmo não tendo apresentado diferenças de produção em relação ao cultivo convencional.

  15. COMUNICACIONES CORTAS TERPENOS ISLADOS DE LOS FRUTOS DE CLUSIA ssp.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jaime González

    2010-10-01

    Full Text Available Se aislaron triterpenos de los frutos de tres especies de Clusia (familia Guttiferae. En C.multlflora y C. grandiflora se encontraron eufenol, epímero en C-20 del tirucallol, y 3 ceto eufano antes no reportados para este género. También se encontró isocariofileno en C. grandiflora.

  16. Remoção de sólidos em suspensão na água residuária da despolpa de frutos do cafeeiro em filtros constituídos por pergaminho de grãos de café submetido a compressões Removal of suspended solids in the wastewater of the coffee shrub cherry pulping by filters constituted by parchment of the coffee beans subjected to compressions

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antonio T. de Matos

    2006-08-01

    Full Text Available A remoção de sólidos em suspensão é fundamental para que se possa aplicar a água residuária gerada na despolpa de frutos do cafeeiro (ARC na fertirrigação de culturas agrícolas. Dentre as opções disponíveis para efetuar a remoção de SS da ARC, está o uso de filtros orgânicos. Este trabalho foi desenvolvido com o objetivo de avaliar a influência do grau de compressão na redução do volume e na eficiência do pergaminho, utilizado como material filtrante, na remoção de sólidos em suspensão (SS na ARC. Numa primeira etapa, foram realizados ensaios nos quais corpos-de-prova de pergaminho triturado (retido entre as peneiras de 2,5 e 3 mm e não-triturado (na condição em que é produzido foram submetidos a diferentes compressões para a redução do volume das colunas filtrantes em 5; 10; 15; 20; 25 e 28%. Numa segunda etapa, os corpos-de-prova foram utilizados como material filtrante da ARC para a avaliação da sua capacidade de remoção de SS presentes nessa água residuária. O pergaminho triturado ofereceu maior resistência à compressão e proporcionou, para as mesmas reduções volumétricas no material filtrante, maior eficiência na remoção de SS da ARC do que o pergaminho não-triturado. Reduções na faixa de 10% a 15% no volume do filtro constituído por pergaminho triturado foram suficientes para obter satisfatórias eficiências na remoção de SS da ARC, enquanto, para filtros constituídos de pergaminho não-triturado, as reduções de volume devem ser superiores a 25%.The removal of suspended solids (SS is fundamental to apply the wastewater from the coffee shrub cherry pulping (ARC on agricultural crops fertigation. Among the available options for the removal of SS from ARC is the use of organic filters. This study was carried out to evaluate the influence of the compression degree on either volume reduction or parchment efficiency, when used as medium filter for the removal of suspended solids (SS in

  17. Ácido Giberélico (GA3 e maturação de frutos das tangerinas 'Mexerica Montenegrina'e 'Poncã'

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marur Celso Jamil

    1999-01-01

    Full Text Available Na região norte do estado do Paraná, Brasil, as tangerinas `Ponkan' (Citrus reticulata e `Montenegrina' (Citrus deliciosa geralmente são colhidas em maio e julho, respectivamente. Aplicações de produtos à base de GA3 podem estender o período de produção, permitindo aos produtores programar a colheita e obter melhores preços. Neste trabalho foi estudado o efeito do GA3 sobre a maturação dos frutos de ambas as espécies, nos anos de 1996 e 1997. Os tratamentos constaram de concentrações compreendidas entre 20 e 60 mg L-1 de GA3 aplicadas ao início da mudança de cor dos frutos e quando a coloração alaranjada estava mais avançada. A cada 21 dias a maturação dos frutos foi visualmente avaliada e 6 frutos por parcela foram amostrados para análises do grau Brix e acidez. Com os resultados obtidos, pode-se concluir que a aplicação do produto parece ser mais eficiente quando efetuada no início de mudança de coloração do fruto, por mantê-los verdes por um período maior. Para ambas as espécies parece não ter havido diferenças entre as concentrações do produto, que estenderam o período de colheita por aproximadamente 3 semanas. Verificou-se, também, que o produto aplicado agiu somente na aparência da casca, sem alterar as características do suco.

  18. Efeito da aplicação de água residuária da lavagem dos frutos de café sobre as propriedades químicas do solo Effect of the application of coffee fruit washing and pulping wastewater on soil chemical properties

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    George B Silva

    2011-02-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar as alterações químicas de solos tratados com água residuária de café (ARC. O experimento foi conduzido em colunas de PVC, onde foram avaliadas quatro doses de ARC (0; 174; 522 e 870 t ha-1, em dois Argissolos Amarelos subdivididos em quatro camadas, para dois períodos de incubação (30 e 60 dias. O delineamento experimental foi o inteiramente casualizado, em arranjo fatorial, e as variáveis analisadas foram cálcio, magnésio, potássio, sódio, pH e condutividade elétrica do extrato da pasta saturada. As doses de ARC alteraram as propriedades químicas dos solos nos dois períodos de incubação estudados, aumentando os teores de Ca++, Na+ e, principalmente, K+ nos dois solos. A dose de aplicação de 174 t ha-1 de ARC elevou a concentração de K+ no solo para a faixa ideal, de acordo com as exigências nutricionais da cultura. A camada superficial apresentou maior concentração de K+, Na+, Ca++ e, consequentemente, maior CEes.The objective of the present study was to evaluate chemical changes of soils treated with coffee fruit washing and pulping wastewater (CWW. The experiment was carried out in PVC columns, where it was applied four doses of CWW (0, 174, 522, and 870 t ha-1 in two Yellow Argisoil split into four layers in two incubation periods (30 and 60 days. The experimental design was completely randomized in a factorial arrangement, and it was analyzed calcium, magnesium, potassium, sodium, pH and electric conductivity of the saturated paste extract. The CWW doses affected chemical soil properties in both incubation periods evaluated increasing Ca++, Na+ and mainly K+ in both soils. The CWW dose of 174 t ha-1 increased K+ concentration in soil to the recommended level according to nutrition necessity of the crop. The surface layer presented higher concentration of K+, Na+, Ca++ and, consequently, higher ECes.

  19. Compostos antioxidantes em frutos de acessos de caramboleira em diferentes ambientes de Pernambuco

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Severino de Lira Júnior

    2014-12-01

    Full Text Available A polpa da carambola contém compostos químicos com propriedades antioxidantes importantes à saúde humana, contra o envelhecimento celular e a prevenção de doenças. Este trabalho objetivou avaliar o fruto de acessos de caramboleira quanto às concentrações de compostos antioxidantes. Foram analisadas as concentrações de ácido ascórbico, carotenoides totais, flavonoides, fenólicos totais e taninos em cinco acessos selecionados de carambola, cultivada em três distintas regiões edafoclimáticas de Pernambuco. Os acessos de carambola diferiram significativamente entre si, quanto às concentrações de ácido ascórbico, fenólicos totais e taninos. A significância para os efeitos de ambiente confirmou que os locais de cultivo são heterogêneos, em relação ao potencial produtivo de frutos com diferentes concentrações médias de ácido ascórbico, flavonóis, fenólicos totais e taninos. A interação significativa entre genótipos e ambientes indica que os acessos de carambola apresentam respostas diferenciadas às concentrações de ácido ascórbico, flavonóis, fenólicos totais e taninos, quando cultivadas em diferentes locais. As condições de cultivo da Estação Experimental do IPA Itambé e os acessos IPA-7.2, IPA-22.3 proporcionaram as maiores concentrações de ácido ascórbico, fenólicos totais e taninos.

  20. Redes neurais artificiais na classificação de frutos: cenário bidimensional Fruit sorting using artificial neural networks: bidimensional case

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jean Paulo Silva Ramos

    2003-04-01

    Full Text Available Inúmeras são as atividades agrícolas que necessitam de interação humana nos processos decisórios, e entre elas encontra-se a classificação de frutos. O consumo de frutos "in natura" exige altíssimo nível de qualidade, demandando um processo classificatório mais acurado. A classificação de frutos depende do reconhecimento de padrões natural ou artificial, de acordo com algumas categorias pré-definidas. Uma vez que um padrão de um fruto está sendo classificado, esse deve ser comparado com algum outro padrão armazenado. A maior parte da classificação de frutos é baseada na classificação humana.Este trabalho apresenta a possibilidade de uso de redes neurais artificiais no desenvolvimento de modelos de classificação de frutos por meio de vetores de padrões. Este trabalho foi desenvolvido no Departamento de Máquinas Agrícolas da Faculdade de Engenharia Agrícola da Universidade Estadual de Campinas, as redes neurais armazenaram os vetores de padrões de frutos peso, diâmetro. Esses componentes vetoriais associados entre si interagiram, determinando um vetor padrão de saída de acordo com os padrões de frutos armazenados. Para atingir esses objetivos, foi usada uma rede Perceptron de múltiplas camadas, com algoritmo de treinamento tipo retro-propagação para armazenar os vetores de padrões de frutos e para classificação desses padrões de entrada. A rede treinada conseguiu aprender a relação entre vetores de entrada e saída, demonstrando a potencialidade do uso de tais ferramentas na classificação artificial.Agriculture is one of the economic activities that more require the presence human being in the decision taking. Innumerable are the processes that require some type of human being interference in the conclusion of the processes. Fruit Sorting depends on human or artificial pattern recognition according to some pre defined categories. Once a fruit pattern is under classification, this one must be compared to

  1. Caracterização morfológica de frutos, sementes e germinação de Sideroxylon obtusifolium (Roem. e Schult. Penn. (Sapotaceae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kelina Bernardo Silva

    2012-02-01

    Full Text Available Estudos que visam ao conhecimento da morfologia de sementes e plântulas contribuem para a identificação das espécies, facilitando o reconhecimento das fases iniciais do seu desenvolvimento. Assim, os objetivos deste trabalho foram caracterizar morfologicamente as estruturas externa e interna dos frutos e das sementes de Sideroxylon obtusifolium (Roem. e Schult. Penn., além de descrever e ilustrar a morfologia externa da plântula. Para a descrição dos frutos foram observados detalhes externos e internos do pericarpo, referentes a textura, consistência, cor, pilosidade, brilho, forma, número de sementes por fruto e deiscência. Foram analisadas as seguintes variáveis externas das sementes: dimensões, cor, textura, consistência, forma e posição do hilo e da micrópila; e as internas: presença ou ausência de endosperma, tipo, forma, cor, posição dos cotilédones, eixo-hipocótilo-radícula e plúmula. A germinação foi considerada desde o intumescimento da semente até a emissão dos protófilos, sendo a plântula considerada estabelecida quando os protófilos já estavam totalmente expandidos. Os frutos de S. obtusifolium são dos tipos bacoide, globoso ou elipsoide, indeiscente e monospérmico. As sementes variam de globosas a elipsoides, e o embrião é do tipo cotiledonar e ocupa posição basal na semente. A germinação tem início no décimo segundo dia e pode ser encerrada no vigésimo primeiro dia após a semeadura.

  2. CARACTERIZAÇÃO FÍSICA E QUANTIDADE DE NUTRIENTES EM FRUTOS DE MARACUJÁ DOCE PHYSICAL CHARACTERIZATION AND QUANTITY OF NUTRIENTS IN SWEET PASSION FRUIT

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    MARCO ANTONIO DA SILVA VASCONCELLOS

    2001-12-01

    Full Text Available O presente trabalho foi conduzido com o objetivo de avaliar algumas características físicas e a distribuição dos nutrientes nos frutos de maracujá doce (Passiflora alata Dryand., segundo sua classificação. Os frutos classificados como tipo 8 foram maiores e mais pesados que os dos tipos 9 e 12, apresentando maior peso de casca e de polpa. Independentemente da classificação dos frutos, o N, P, B, Cu, Fe e Zn estão distribuídos em maior quantidade na polpa do que na casca dos frutos. O K, Ca, S e o Mn estão distribuídos em maior quantidade na casca do que na polpa dos frutos. O magnésio apresenta uma distribuição na casca levemente superior à da polpa. Na média dos três tipos de frutos, os valores obtidos por fruto (casca+polpa foram: 578,6 mg de N; 81,9 mg de P; 740,6 mg de K; 56,8 mg de Ca; 64,6 mg de Mg; 98,3 mg de S; 452,3 mg de B; 302,5 mg de Cu; 1471 mg de Fe; 167,5 mg de Mn, e 644,1 mg de Zn.The present work was conducted in Botucatu, state of São Paulo, in order to evaluate some physical characteristics and the nutrient distribution in sweet passion fruit (Passiflora alata Dryand., by type. The fruit classified as type 8 were larger than those classified as type 9 and 12, have larger weight of peel and pulp. Independently of fruit classification, N, P, B, Cu, Fe, and Zn were found in larger quantities throughout the pulp than in the peel. K, Ca, S, and Mn were present in greater quantity in the peel than in the pulp. Mg showed slightly larger presence in the peel. The fruits of sweet passion fruit presented, in average: 578.6 mg of N; 81.9 mg of P; 740.6 mg of K; 56.8 mg of Ca; 64.6 mg of Mg; 98.3 mg of S; 452.3 mg of B; 302.5 mg of Cu; 1471 mg of Fe; 167.5 mg of Mn; and 644.1 mg of Zn.

  3. Conservação pós-colheita de frutos de goiabeira, variedade Paluma Post-harvest conservation of fruit of guava, var. Paluma

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Gonzaga Neto

    1999-01-01

    Full Text Available Objetivando aumentar a vida útil de frutos da goiabeira (Psidium guajava L., variedade Paluma, nos primeiros dezesseis dias pós-colheita, foi realizado, no município de Petrolina, PE, região do Vale do São Francisco, um estudo para determinar o efeito da concentração de cálcio (Ca, do ambiente de armazenamento e do tipo de embalagem, na vida útil da goiaba. Foram estudados dois ambientes de armazenamento (condições naturais e ambiente refrigerado, três concentrações de Ca (0,5, 1,0 e 1,5% e dois tipos de embalagem do fruto (saco de polietileno transparente e saco de papel- manteiga. Doze tratamentos foram testados no delineamento de blocos ao acaso, com três repetições, num arranjo fatorial 3x2x2. Foram determinados os parâmetros: perda de peso e da cor verde da casca do fruto, e o teor de sólidos solúveis totais. Verificou-se que frutos da variedade Paluma colhidos "de vez" (frutos completamente desenvolvidos, mas com a casca verde mantiveram suas características comerciais por até dezesseis dias de armazenamento quando foram embalados em saco de polietileno transparente e sem furo, e armazenado em ambiente refrigerado a 10ºC, e 90% de umidade relativa.The study was undertaken to increase the shelf life of fruits of guava (Psidium guajava L. var. Paluma in the post-harvest period in the São Francisco River Valley (Petrolina, PE, Brazil. Effects of calcium (Ca concentration, storing condition and fruit wrapping material in the shelf life of fruit of guava were studied. Twelve treatments were tested in a randomized complete block design, in a 2 x 3 x2 factorial arrangement, comprising the following variables: two storing conditions (natural temperature and refrigerated, three Ca concentrations (0.5, 1.0 and 1.5% and two fruit wrapping materials (transparent poliethylene bag and impervious paper bag. The following guava parameters were evaluated: weight and peel green color losses and total soluble solids. It was observed

  4. Biométria de frutos e sementes de Luetzelburgia auriculata (Allemão Ducke

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roberto Ferreira Barroso

    2016-12-01

    Full Text Available A Caatinga apresenta uma grande diversidade de espécies vegetais, dentre elas Luetzelburgia auriculata é uma das espécies predominantes no bioma, desempenhando papel fundamental para o ecossistema local. Este trabalho objetivou descrever as características biométricas de frutos e sementes de Luetzelburgia auriculata.  Para a descrição das características da semente foram coletados 200 frutos e 200 sementes de plantas nativas do município de Santa Helena, Paraíba. As amostras foram encaminhadas ao Laboratório de Nutrição Mineral de Plantas do Centro de Saúde e Tecnologia Rural de Universidade Federal de Campina Grande para a realização das devidas aferições biométricas. Os frutos foram analisado pelo comprimento, espessura superior, mediana e inferior; largura superior, mediana e inferior. Para as sementes, foram analisados comprimento, espessura e a largura. Verificou-se que o comprimento dos frutos variou de 50,7 a 98,2 cm, a espessura de 6,00 a 17 mm e largura variando de 12,4 a 21,8 mm. Em relação às sementes, 46% se enquadraram na classe de comprimento com intervalo de 19,9 a 20,8 mm. A espécie Luetzelburgia auriculata apresentam variabilidade nas características biométricas de frutos e sementesBiometrics of fruit and seeds of Luetzelburgia auriculata (Allemão DuckeAbstract: The Caatinga presents a great diversity of plant species, among them the woodpecker (Luetzelburgia auriculata (Allemao Ducke. is one of the predominant species in the biome, playing a fundament al role for the local ecosystem. This work aimed to describe the biometric characteristics of fruits and seeds of Pau de Pedra. For the description of the characteristics of the Luetzelburgia auriculata (Allemão Ducke seed, 200 fruits and 200 seeds of native plants of the municipality of Santa Helena, Paraíba state were collected for biometry and seed mass. Afterwards they were packed in plastic bags and properly identified and taken to Laboratório de

  5. Morphoanatomy and ontogeny of fruit in Bromeliaceae species Morfoanatomia e ontogenia de fruto em espécies de Bromeliaceae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Natividad Ferreira Fagundes

    2010-09-01

    Full Text Available This study aims to give an overall view of fruit structure in Bromeliaceae, since these studies are extremely scarce in this family, showing the morphology, anatomy and ontogeny of fruits of six species belonging to six different genera, representing three subfamilies. All species studied have a tricarpellary and trilocular ovary, with an obturator covering the placental region. Dyckia maritima, Pitcairnia flammea, Tillandsia aeranthos and Vriesea carinata have capsular fruits (septicidal or biscidal, characterized mainly by the presence of macrosclereids in the exocarp or endocarp, fibers in the ventral region of the carpels, six dehiscence lines and three vascular bundles in each carpel. Aechmea calyculata and Billbergia nutans have fruits classified as berries, presenting exocarp and hypodermis as mechanical layers and many vascular bundles in each carpel. Many useful characters for taxonomy of Bromeliaceae were revealed, so fruits are excellent tools for delimitation of genera and subfamilies. In relation to Bromeliaceae capsules, macrosclereids are conspicuous structures of the pericarp and fruit anatomy is greatly related to dehiscence type. The U-shaped cell wall thickenings are a very common character in this family and can be identified as structures also occurring in monocot fruits.O presente estudo objetivou apresentar um panorama acerca da estrutura de frutos em Bromeliaceae, devido à extrema escassez de estudos nessa área; revelando a morfologia, anatomia e ontogenia dos frutos de seis espécies pertencentes a seis gêneros distintos, representativos de três subfamílias. Todas as espécies estudadas apresentam ovário tricarpelar e trilocular, com obturador na região da placenta. Dyckia maritima, Pitcairnia flammea, Tillandsia aeranthos e Vriesea carinata possuem frutos do tipo cápsula (septicida ou biscida, caracterizados pela presença de macroesclereídes no exocarpo ou endocarpo, fibras na região ventral dos carpelos

  6. Fruit and seed biometry of cambuí (Myrciaria tenella O. Berg = Biometria de fruto e semente de cambuí (Myrciaria tenella O. Berg

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Veruska Cruz da Silva

    2012-12-01

    Full Text Available The cambuí tree (Myrciaria tenella O. Berg is native to Brazil and its fruits are harvested by extraction for fresh consumption in the state of Sergipe (Brazil. Because of the regional importance of the species, this work aims to characterize the cambuí fruits and seeds. The fruits were harvested mature from native trees in the Reserva do Caju Experimental Field, on Itaporanga d’Ajuda (Sergipe, Brazil, belonging to Embrapa Tabuleiros Costeiros. Two hundred fruits and seeds were biometrically analyzed. In addition, we evaluated the fruit, pulp, and seed color based on RHS Color Chart. Two different skin colors were found: 1. yellow [orange - red (group 32A] with yellow pulp [yellow - orange (group 17A]; and 2. purple [violet -blue (group 93A] with red pulp [red - purple (group 60A]. The seeds have only one color, green [yellow-green (group 152A] with dark stripes [Brown (group 200C]. The fruits mean diameter was 9.23 mm.fruit-1, and average width 8.50 mm.fruit-1. The seeds mean diameter was 5.34 mm.seed-1, mean width 6.52 mm.seed-1 and thickness 5.08 mm.seed-1. The cambuí is a little red fruit. The biometry had a high variability as expected, because it is a native species without any type of management.=Resumo - O cambuí (Myrciaria tenella O. Berg é nativo do Brasil e os frutos são colhidos por extrativismo para consumo in natura no estado de Sergipe (Brasil. Por causa da importância regional da espécie, objetivou-se com este trabalho caracterizar os frutos e sementes de cambuí. Os frutos foram colhidos maduros provenientes de plantas nativas do Campo Experimental Reserva do Caju, no município de Itaporanga d’Ajuda (Sergipe, Brasil pertencente a Embrapa Tabuleiros Costeiros. Foram analisados 200 frutos e sementes biometricamente. Além disso, caracterizou-se a cor da fruta, da polpa, e da semente com base na cartela de cores RHS. Foram identificados duas cores diferentes para a fruta: 1. de cor amarela [laranja - vermelho (grupo32A

  7. Determinação do potencial antioxidante in vitro de frutos do Cerrado brasileiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mônica Lopes Morais

    2013-06-01

    Full Text Available Extratos em metanol e acetona de diferentes espécies do Cerrado, semente de Solanum lycocarpum A. St.-Hil (Lobeira, polpa de Byrsonima verbascifolia (L. DC. (Murici, epicarpo e mesocarpo de Caryocar brasiliense Cambess (Pequi e pendúculo de Cipocereus minensis F. Ritter (Quiabo-da-lapa foram submetidos a ensaios antioxidantes in vitro para avaliar a capacidade de sequestrar os radicais orgânicos DPPH e ABTS.+, reduzir o ferro (FRAP e/ ou inibir a peroxidação lipídica (β-caroteno. Todas as amostras apresentaram considerável atividade antioxidante, embora em diferentes proporções, destacando-se o mesocarpo de Caryocar brasiliense como o responsável pela maior atividade antioxidante por captura de radicais livres (DPPH e ABTS e poder de redução do metal (FRAP e o pendúnculo de Cipocereus minensis frente à inibição da peroxidação lipídica (B-caroteno. Os frutos estudados podem ser considerados fontes potenciais de antioxidantes naturais e podem ser explorados como aditivos alimentares promissores para a prevenção de doenças, bem como para a manutenção da saúde.

  8. Desponte dos ramos da videira e seu efeito na qualidade dos frutos de 'Merlot' sobre os porta-enxertos 'Paulsen 1103' e 'Couderc 3309' Shoot topping on Merlot grapevines grafted on Paulsen 1103 and Couderc 3309 and its effects on the quality of grapes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alberto Fontanella Brighenti

    2010-03-01

    Full Text Available A produção de uvas viníferas nas regiões de altitude do Estado de Santa Catarina é recente e existem poucos dados de pesquisa sobre o comportamento das diferentes cultivares neste local. Os objetivos do trabalho foram testar o efeito de diferentes níveis de desponte do dossel vegetativo e avaliar a influência de dois porta-enxertos nas características dos frutos produzidos. O experimento foi realizado em São Joaquim-SC (28º17'38" S e 49º55'54" W, a uma altitude média de 1.250 m, na Vinícola Villa Francioni, com a cultivar Merlot enxertada em 'Paulsen 1103' e 'Couderc 3309'. Os tratamentos consistiram no desponte em diferentes níveis, mantendo as áreas foliares de 4,5; 2,5; 2,0 e 1,5 m² kg-1 de uva em dois porta-enxertos. Foram avaliados número de bagas por cacho, diâmetro de bagas, pH, sólidos solúveis totais, antocianinas, índice de polifenóis totais, comprimento e peso de cacho. As plantas enxertadas em 'Paulsen 1103' apresentaram a máxima eficiência para o nível de desponte de 3,4 m² kg-1de uva, já as plantas enxertadas sobre 'Couderc 3309' apresentaram a máxima eficiência com a manutenção de uma área foliar de 3,0 m² kg-1 de uva. Os diferentes porta-enxertos não interferiram nos compostos fenólicos dos frutos. No ciclo de 2005/06, Couderc 3309 produziu frutos com maiores teores de sólidos solúveis totais e, no ciclo de 2006/07, produziu cachos mais pesados.The production of grapevines in regions of high altitude of Santa Catarina state is recent and there are few data on the behavior of different cultivars. The objective of this work was to verify the effect of different levels of shoot topping and evaluate the influence of two rootstocks on the characteristics of the fruit produced. The experiment was conducted in the city of São Joaquim, Santa Catarina state (28º17'38" S and 49º55'54" W, in an altitude of 1.250m, at Villa Francioni Vineyards, with Merlot grapevine grafted on Paulsen 1103 and Couderc

  9. Características florais e polinizadores na qualidade de frutos de cultivares de maracujazeiro-azedo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Simone Santos de Oliveira Cobra

    2015-01-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi determinar as características florais de oito cultivares de maracujazeiro-azedo e identificar seus polinizadores, bem como avaliar a influência da polinização natural na qualidade dos frutos, na região de Tangará da Serra, MT. Utilizou-se o delineamento inteiramente casualizado, com dez repetições e uma flor por parcela para avaliar a morfometria, e com quatro repetições e cinco flores por cultivar para determinar o índice de frutificação. Avaliaram-se os seguintes parâmetros: morfologia e morfometria floral, longevidade floral, frequência de visitantes florais, índice de frutificação natural e qualidade de fruto. A morfologia e a morfometria das flores foram compatíveis com a polinização por abelhas de grande porte; também foram compatíveis com a polinização por abelhas de médio porte nas cultivares IAC-275-Maravilha, IAC-277-Jóia, BRS SC1, BRS RC e BRS GA1. A maior longevidade floral foi observada nas cultivares IAC-277-Jóia, BRS GA1, BRS RC e BRS OV1. A frequência de abelhas como Xylocopa (2,0% e Bombus (3,9% foi baixa, e 'BRS GA1' recebeu o maior número de visitas destas abelhas. O índice de frutificação natural foi baixo (36,67%. Os frutos de polinização natural apresentam características físicas compatíveis com as exigidas pelo mercado consumidor.

  10. Reguladores vegetais e o desbaste químico de frutos de tangor murcote Plant growth regulators and 'Honey' orange fruit chemical thinning

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcio Christian Serpa Domingues

    2001-09-01

    Full Text Available O tangor 'Murcote' apresenta necessidade de desbaste de frutos devido a alternância de produção, caracterizado por anos de excessiva produção intercalado com anos de baixa produção, evitando assim, a diminuição da qualidade dos frutos. O presente trabalho teve por objetivo avaliar a eficiência de reguladores vegetais, a auxina ANA (ácido naftalenacético e ethephon (etileno no desbaste químico de frutos de tangor 'Murcote' aplicado 40 dias após o pleno florescimento. O experimento foi conduzido em Pratânia, SP, onde plantas de 5 anos de idade, enxertadas sobre o limoeiro 'Cravo', foram pulverizadas com ANA a 0, 100, 200, 300 e 400 mg L-1 e com ethephon a 200, 300 e 400 mg L-1, ambos em solução aquosa juntamente com adjuvante não iônico a 0,05%. A contagem dos frutos foi realizada previamente aos tratamentos em 2 ramos marcados por planta. O ANA não interferiu significativamente no desbaste de frutos, com porcentagens de queda variando entre 7 a 14%, enquanto que as pulverizações com ethephon mostraram maior eficiência no desbaste de frutos, principalmente na dose de 400 mg L-1, promovendo 66,6% de queda de frutos, sem contudo induzir a abscisão foliar. As doses inferiores de ethephon também promoveram desbaste de frutos da ordem de 40%. As porcentagens de queda de frutos foram pequenas, para plantas pulverizadas com ANA, enquanto que a aplicação de ethephon promoveu maior eficiência no desbaste de frutos.Alternate bearing is an important caracteristic of some mandarins that reduces fruit quality and yield in tangor Murcott, and to reduce this effect is necessary to perform fruit thinning to avoid high and low production year by year. To evaluate the effects of plant growth regulators on fruit thinning of the 'honey' orange, an auxin (NAA-naphthalene acetic acid and ethephon (ethylene, were applied 40 days after full bloom in an experiment carried out at Pratania, S.P., Brazil. Five-year-old plants grafted on Rangpur

  11. Fertilidade do solo, crescimento e qualidade de frutos do mamoeiro Tainung sob fertirrigação com potássio

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    David Correia dos Anjos

    Full Text Available RESUMOO objetivo deste trabalho foi avaliar os efeitos da fertilidade do solo, o crescimento, composição mineral nas folhas e no pecíolo, produtividade e qualidade dos frutos do mamoeiro Formosa, Cv. 'Tainung Nº. 1'; em função de níveis de adubação potássica no solo, aplicados via fertirrigação. O experimento foi conduzido durante os anos agrícolas de 2008/2009 e 2010/2011, em delineamento experimental de blocos ao acaso, com cinco repetições, instalado em uma área de cultivo comercial no Município de Russas, CE. Os tratamentos corresponderam a quatro doses de KCl (60; 120; 180 e 240 g planta mês-1, aplicados na forma de KCl na água de irrigação, juntamente com a adubação convencional via solo, utilizada no cultivo do mamão no Neossolo Quartzarênico da fazenda. As doses influenciaram na fertilidade do solo, aumentando os teores de N, P, K+, matéria orgânica; e percolou as bases do solo, maximizou o desenvolvimento e a produtividade do mamoeiro. A absorção de N, P e K+ no mamoeiro, é superior no seu pico de produção; e o P foi o nutriente que mais acumulou no fruto. A qualidade dos frutos foi influenciada pelas doses de K+, e a dose 180 g de KCl planta mês-1 favoreceu a produção de frutos de melhor qualidade para consumo de mesa e processamento da polpa.

  12. CARACTERIZAÇÃO MORFOLÓGICA DE FRUTOS, SEMENTES, PLÂNTULAS E MUDAS DE PAU-BRASIL (Caesalpinia echinataLAMARCK1

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Robério Anastacio Ferreira

    2015-06-01

    Full Text Available RESUMOEstudos relacionados à morfologia vegetal com espécies florestais nativas têm sido ampliados nos últimos anos, em face da sua importância sob os aspectos taxonômicos ou por serem de grande utilidade na identificação de frutos, sementes, plântulas e mudas, em laboratórios de análises de sementes, em viveiros de produção de mudas ou em estudos que avaliem a regeneração natural em ecossistemas florestais. Porém, diante da grande diversidade de espécies, ainda não é possível encontrar informações suficientes para subsidiar tais estudos e nem coleções em herbários para um grande número de espécies nativas. Assim, este trabalho foi realizado com o objetivo de caracterizar morfologicamente frutos, sementes, plântulas e mudas de pau-brasil (Caesalpinia echinata Lam. – Fabaceae, Subfamília Caesalpinioideae. Foram realizadas, inicialmente, avaliações das características morfométricas e morfológicas externas e internas dos frutos e sementes. Em seguida, foram realizadas descrições do desenvolvimento inicial de plântulas e mudas. Considerando-se as análises descritivas da espécie, as informações de frutos, sementes, plântulas e mudas podem ser empregadas com segurança em trabalhos de identificação das espécies, tanto em trabalhos de laboratórios e viveiros quanto em estudos de campo sobre a ecologia dessa espécie. Especial atenção pode ser dada ao fruto legume seco, ao embrião, à germinação epígea fanerocotiledonar e à presença de acúleos nas fases jovens (plântulas e mudas, que são importantes para a identificação da espécie. Os caracteres que são comuns a outras espécies de Fabaceae, da Subfamília Caesalpinioideae, corroboram o caráter taxonômico dos aspectos morfológicos.

  13. Nutrição, sanidade, rendimento e qualidade de frutos em macieiras 'Catarina' conduzidas sob manejo integrado e orgânico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João José Stüpp

    2013-06-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi avaliar os efeitos dos sistemas de manejo integrado e orgânico sobre atributos de nutrição, sanidade, rendimento e qualidade de maçãs 'Catarina'. O estudo foi realizado em São Joaquim-SC, ao longo das safras de 2008/2009 e 2009/2010. O porta-enxerto era Marubakaido, com filtro de EM-9, e as macieiras conduzidas, em líder central. Os atributos do solo eram adequados ao desenvolvimento e produção das macieiras em ambos os sistemas. O sistema de manejo orgânico aumentou o teor de Cu nas folhas e Ca e Cu na casca e polpa dos frutos, a área de cor vermelha na epiderme dos frutos e a incidência de frutos com queimaduras por sol e com danos por mosca-das-frutas. O índice iodo-amido e o teor de sólidos solúveis foram superiores nos frutos do sistema orgânico. O manejo orgânico reduziu a área foliar média das plantas, e nos frutos reduziu as relações K/Ca, Mg/Ca, N/Ca e (K+Mg/Ca na casca e Mg/Ca na polpa, a severidade de "russeting", o número de sementes e a acidez titulável. Não houve diferenças quanto aos demais atributos avaliados. A produção orgânica de maçãs é viável, desde que disponível tecnologia eficaz para o controle da mosca-das-frutas.

  14. Diversidade genética entre cultivares de mangueiras, baseada em caracteres de qualidade dos frutos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Danielle Fabíola Pereira da Silva

    2012-04-01

    Full Text Available A mangueira é uma das fruteiras mais importantes do Brasil. Apesar de existirem muitos cultivares, o cultivo tem sido realizado basicamente com o cultivar 'Tommy Atkins' e existem poucos trabalhos sobre caracterização e análise da diversidade genética dos genótipos disponíveis. Por isso, o objetivo deste trabalho foi estudar a diversidade genética de 15 cultivares de mangueiras, produzidos na Zona da Mata Mineira, sendo oito brasileiros e sete oriundos da Flórida (EUA. Para isto, frutos maduros dos 15 cultivares foram colhidos e analisados química e fisicamente. Os cultivares que se apresentaram mais similares foram 'Kent' e 'Palmer'. O cultivar 'Extrema' não se agrupou com os outros pelo método de agrupamento UPGMA, e, por esta análise houve a separação dos cultivares brasileiros e norte-americanos. Quanto às características químicas, a técnica de componentes principais não agrupou os cultivares 'Extrema' e 'Tommy Atkins' com os demais; já quanto às características físicas, observou-se a mesma separação obtida pelo agrupamento UPGMA, com exceção do cultivar 'Extrema' que, neste caso, agrupou-se com os demais cultivares. Observou-se correlação entre a coloração da polpa, o ângulo hue e o teor de açúcares solúveis totais e entre a coloração da casca, o índice b* e a percentagem de casca e polpa.

  15. Apex pruning in pumpkin for fruit and seed production=Poda apical para produção de frutos e sementes de abóbora

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marina Toledo Rodrigues Claudio

    2014-08-01

    Full Text Available The tip pruning stimulates the emission of lateral shoots, thus can produce higher number of flowers, fruits and seeds. This work aimed to evaluate the effect of apex pruning on fruit and seed production in pumpkin. The treatments consisted of plants without pruning, with pruning in the sixth, eighth and tenth node of main stem. The experimental design was a randomized block, with six replications. It was studied a line of pumpkin of the Germplasm Bank of the Universidade Estadual Paulista/Faculdade de Ciências Agronômicas. The characteristics evaluated were: number of branches per plant and fruit position in branches of the plant production (number and weight of fruits per plant, fruit yield, fruit average weight, fruit length and diameter, seed weight per fruit, seed yield and quality (germination test, first count, thousand seed weight, emergence, speed of emergence and accelerated aging. There was a significant difference only for number of secondary branches per plant and thousand seed weight, with larger values for plants that have not been pruned. It was obtained high average of germination (94% and good fruit (16.9 t ha-1 and seed (148 kg ha-1 yield. The apex pruning does not influence the production of fruits and seeds, as well as the physiological seed quality in pumpkin =A poda apical estimula a emissão de brotos laterais, com isso pode haver maior formação de flores e frutos e, consequentemente, maior número de sementes. Diante disso, objetivou-se avaliar o efeito da poda da haste principal para a produção de frutos e sementes de abóbora. Os tratamentos foram constituídos de plantas sem poda, com poda no sexto, oitavo e décimo nó da haste principal. O delineamento experimental foi em blocos casualizados, com seis repetições. Foi utilizada a linhagem de abóbora do tipo braquítica do Banco de Germoplasma da Universidade Estadual Paulista/Faculdade de Ciências Agronômicas. Foram avaliadas as seguintes caracter

  16. Ensacamento de frutos de pereira cv. Housui Bagging of nashi pear cv. Housui

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ivan Dagoberto Faoro

    2004-04-01

    Full Text Available Foi avaliada a qualidade de frutos de pêra japonesa cv. Housui (Pyrus pyrifolia var. culta ensacados com diferentes tipos de sacos de papel e em duas épocas: 34 e 83 dias após a florada. O ensacamento não influenciou na firmeza, no teor de sólidos solúveis totais e no peso médio dos frutos. Sacos vermelhos não induziram aumento do pH da polpa, mas o uso de sacos duplos, sacos marrons, sacos de papel kraft marrons e sacos de pipoca brancos aumentaram significativamente o pH. Ao buscar-se maior precocidade de colheita, os melhores resultados foram obtidos com o uso de sacos pequenos de papel manteiga aos 34 dias após a floração e o uso de sacos grandes duplos ou sacos grandes marrons, 83 dias após a plena floração. O ensacamento 34 dias após a plena floração, com sacos grandes de papel duplo de cor marrom ou sacos de papel kraft marrons, ou ainda o uso de sacos pequenos parafinados transparentes de papel manteiga, aos 34 dias, seguidos pela colocação, aos 83 dias, dos dois tipos de sacos grandes citados anteriormente, resultaram em frutos de melhor qualidade externa (película de coloração homogênea e mais clara, lisa e com lenticelas pouco salientes. O uso de sacos vermelhos de papel manteiga e de sacos de pipoca brancos, com ou sem ensacamento prévio com sacos pequenos de papel manteiga parafinado, não resultaram em melhoria substancial da qualidade externa do fruto.The fruit quality of Nashi pears cv. Housui (Pyrus pyrifolia var. culta have been evaluated after bagging with different paper bags at two bagging dates: 34 and 83 days after full bloom. The bagging did not affect the fruit firmness, the total soluble solids and the average fruit weight. Red bags did not affect the pH of the fruit flesh. However the fruit bagged with double bags of brown color, brown kraft paper and white popcorn paper increased the pH. In order to harvest precociously, the use of small transparent paraffin paper bags 34 days after full bloom

  17. Controle de Cerconota anonella (Sepp. (Lep.: Oecophoridae e de Bephratelloides pomorum (Fab. (Hym.: Eurytomidae em frutos de pinha (Annona squamosa L.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Letice Souza da Silva

    2014-01-01

    Full Text Available A pinha, Annona squamosa L., é uma frutífera tropical da família anonácea, cujo mercado tem-se ampliado a cada ano, sendo cultivada expressivamente na região Nordeste, onde pequenos produtores a têm como principal fonte de renda. Entretanto, problemas causados pelas duas pragas-chave, Cerconota anonella (Sepp.,1830 (Lepidoptera: Oecophoridae e Bephratelloides pomorum (Fab.,1808 (Hymenoptera: Eurytomidae, têm limitado a produção e, consequentemente, a comercialização dos frutos. No intuito de minimizar essas perdas, um experimento de campo foi realizado em Maceió, Estado de Alagoas, Brasil, para avaliar diferentes formas de controle para estas pragas. O experimento foi conduzido no delineamento em blocos casualizados, com oito tratamentos e quatro repetições. Cada repetição correspondeu a quatro frutos, totalizando dezesseis frutos por tratamento. Os tratamentos foram: frutos sem proteção (testemunha; saco de papel branco impermeável aberto; saco plástico microperfurado; saco de TNT (tecido não tecido branco aberto; saco de TNT vermelho aberto; gaiola de arame revestida com tecido voile; inseticida Profenofós (12g/L-1 + Cipermetrina (1,2 g/L-1 e caulim (10 g/ 100 mL-1. Foram avaliadas as seguintes variáveis nos frutos: números de orifícios causados pelas pragas, peso, comprimento, diâmetro, percentagem de frutos colhidos e o custo do tratamento por unidade. Os melhores resultados foram obtidos com o saco de TNT vermelho aberto, obtendo-se 87,50% de frutos comercializáveis. O saco plástico microperfurado teve o menor custo, porém sua fragilidade impede a reutilização nas safras seguintes. Assim, indica-se o saco de TNT vermelho aberto como o mais econômico e eficiente.

  18. Variabilidade entre árvores matrizes de Ceiba speciosa St. Hil para características de frutos e sementes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antonio Roveri Neto

    Full Text Available RESUMO A paineira-rosa (Ceiba speciosa St. Hil. - Malvaceae é uma espécie arbórea com grande importância na recuperação de ecossistemas degradados e cuja madeira e paina são usadas em diversas atividades econômicas. O presente estudo avaliou a variabilidade e a repetibilidade para caracteres biométricos de frutos e sementes e qualidade de sementes entre árvores matrizes de C. speciosa. Foram coletados frutos de 36 árvores matrizes, determinando-se em cinco frutos o diâmetro, comprimento, massa fresca e seca e número de sementes e em 100 sementes, o comprimento, diâmetro e peso de 100 sementes. A qualidade fisiológica das sementes foi avaliada pela germinação e testes de vigor: índice de velocidade de germinação, envelhecimento acelerado (EA, condutividade elétrica (CE e submersão das sementes em água, em quatro repetições de 25 sementes, exceto para CE e submersão, em que as repetições continham 40 sementes. Após os testes de EA e submersão, as sementes foram submetidas ao teste de germinação. As médias de árvores matrizes foram comparadas pelo teste de Scott-Knott e estimou-se o coeficiente de determinação genotípico, repetibilidade e correlação entre caracteres. As características avaliadas apresentam variabilidade significativa entre as árvores matrizes e estão sob baixa influência ambiental. As correlações entre caracteres biométricos com o processo germinativo e qualidade de sementes são baixas. Os coeficientes de repetibilidade são altos e a avaliação de cinco frutos e 100 sementes por árvore matriz e o uso de quatro repetições nos testes de germinação e vigor possibilitam boa confiabilidade na determinação da variabilidade da espécie.

  19. 'Brasileirinha': cultivar de abóbora (Cucurbita moschata de frutos bicolores com valor ornamental e aptidão para consumo verde 'Brasileirinha': an ornamental bicolor squash (Cucurbita moschata cultivar for immature fruit consumption

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leonardo S Boiteux

    2007-03-01

    Full Text Available 'Brasileirinha' é uma cultivar de abóbora (Cucurbita moschata com frutos bicolores que foi desenvolvida com o objetivo de disponibilizar um produto diferenciado devido ao aspecto ornamental e a composição nutricional de seus frutos. Esta cultivar foi selecionada na geração F7, sendo obtida via cruzamentos convencionais entre um acesso de frutos bicolores, provavelmente devido à presença de um alelo do gene B, e a cultivar Mocinha (com frutos imaturos de cor verde uniforme. A característica peculiar da cultivar Brasileirinha é a produção de frutos com casca apresentando uma marcante coloração bicolor (coloração amarela na região proximal e verde na posição distal dos frutos. A polpa apresenta coloração amarela-esverdeada em frutos colhidos imaturos e, à medida que o fruto amadurece, intensifica-se uma coloração alaranjada. Beta-caroteno e luteína são os principais carotenóides presentes em frutos para consumo verde. Em frutos em completo estádio de maturação (polpa laranja intensa verifica-se a acumulação de beta-caroteno e alfa-caroteno (precursores da vitamina A em torno de 243 mg g-1. A cultivar Brasileirinha tem apresentado boa resistência de campo a diferentes raças de oídio (Podosphaera xanthii. Esta cultivar é preferencialmente recomendada para consumo como abobrinha verde (no estádio de fruto imaturo e para fins ornamentais (frutos em todos os estádios. Uma opção é o uso de frutos jovens em conservas. A cultivar Brasileirinha é recomendada para plantio em todas as tradicionais regiões produtoras do país. O sistema de produção para esta cultivar tem sido o mesmo adotado para outros tipos de abóboras.'Brasileirinha' is a squash (Cucurbita moschata cultivar developed by Embrapa Vegetable Crops, with a appealing ornamental appearance and carotenoid composition of its fruits might provide raw material for the development of value-added products targeting new market niches. This cultivar is an F7

  20. Avaliação da Composição Centesimal, Mineral e Teor de Antocianinas da Polpa de Juçaí (Euterpe edulis Martius)

    OpenAIRE

    Leilson de Oliveira Ribeiro; Marisa Fernandes Mendes; Cristiane de Souza Siqueira Pereira

    2015-01-01

    A polpa de juçaí, fruto da palmeira juçara (Euterpe edulis Martius) encontrada nas áreas da Mata Atlântica e a polpa de açaí, fruto da palmeira juçara (Euterpe oleracea Martius) cultivado na Floresta Amazônica, foram caracterizadas obtendo assim sua composição centesimal, mineral e também seu teor de antocianinas. Com os resultados obtidos foi possível fazer um estudo comparativo da concentração de antocianinas das duas polpas congeladas e verificar a importância do consumo destes alimentos, ...

  1. PHYSICAL CHARACTERIZATION OF PEQUI FRUITS (Caryocar brasiliense Camb. IN THE GOIÁS STATE CARACTERIZAÇÃO FÍSICA DE FRUTOS DO PEQUIZEIRO (Caryocar brasiliense Camb. NO ESTADO DE GOIÁS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosângela Vera

    2007-09-01

    Full Text Available

    The Brazilian Cerrado region presents large biodiversity in its ecosystem. Native fruit trees stand out, with tens of species used by locals for feeding. In the Goiás legumes and fruits victualling center (Central de Abastecimento de Goiás ? CEASA, the most commercialized Brazilian Cerrado fruit is pequi. The harvest period occurs from September to February, the fruit originating from different regions of Goiás, Minas Gerais, Tocantins, and Bahia states. This research had as objective to evaluate physical characteristics of pequi tree fruits from five Goiás state regions. Three subpopulations in each region, called areas, were identified. In each area, five trees were chosen for fruit sampling. Physical characteristics analyzed were fruit mass, peel, pit, pulp and almond; fruit and pit dimensions; peel thickness and pulp color. Results indicate differences in fruits physical characteristics for regions. The edible fresh pulp represents 8.53% of fruit mass; differences in physical characteristics of fruits were observed mainly in fruits within plants, in plants within areas and among areas.

    KEY-WORDS: Brazilian savannah; cerrado; pequi; native fruitfull.

    A região dos Cerrados brasileiros apresenta grande biodiversidade em seu ecossistema. As fruteiras nativas da região muito se destacam, com dezenas de espécies utilizadas pela população local para alimentação. Na Central de Abastecimento de Goiás, a principal fruta nativa do cerrado comercializada é o pequi. O período de safra ocorre nos meses de setembro a fevereiro, e o fruto é proveniente de diferentes regiões dos Estados de Goiás, Minas Gerais, Tocantins e Bahia. Este trabalho teve como objetivo avaliar as características físicas dos frutos de pequizeiros oriundos de cinco regiões do Estado de Goiás. Em cada regi

  2. Efeito do ensacamento de frutos sobre danos causados por fatores bióticos e abióticos em pomar orgânico de macieira Fruit bagging effect on the damage caused by biotics and abiotics factors in an organic apple orchard

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Janaína Pereira dos Santos

    2006-08-01

    Full Text Available Este trabalho teve como objetivos avaliar o efeito do ensacamento dos frutos de macieira na incidência de danos causados por insetos-praga, sarna, "russeting" e queimadura pelo sol, além da praticidade dos diferentes tipos de embalagens utilizadas no ensacamento. O estudo foi conduzido no pomar orgânico de macieira da empresa Fischer Fraiburgo Agrícola Ltda, em Fraiburgo-SC, na safra 2004-2005. O delineamento experimental foi o de blocos casualizados. Os tratamentos foram: a frutos não ensacados (testemunha, e b frutos ensacados, seguido de desensacamento aos 15 e 7 dias antes da colheita, e na colheita. Ensacaram-se, por tratamento, 150 frutos da cultivar Royal Gala e 300 frutos da cultivar Suprema, utilizando-se de dois tipos de embalagens: saco de papel-manteiga parafinado branco e de polipropileno microperfurado transparente. Observou-se que o ensacamento reduziu o ataque de pragas em relação aos frutos não ensacados. Porém, a sarna desenvolveu-se, tanto em frutos ensacados, quanto em não ensacados. Em geral, houve menos frutos com "russeting", com a antecipação da retirada dos sacos. A embalagem de polipropileno é mais fácil de ser manuseada, resiste à chuva e ao granizo, e apresentou menor custo que a de papel; entretanto, facilitou a queimadura de frutos pelo sol, principalmente quando se encontra muito aderida à epiderme destes.This study had as objective the evaluation of fruit bagging effect on the damage incidence caused by insect pests, apple scab, russeting and sunburn on apple fruits, and the practicity of different bagging bags used in organic apple orchard. The study was carried out at Fischer Fraiburgo Agrícola Ltda, in Fraiburgo, SC. It was used a completely randomized block design. The treatments were applied as follows: a no bagging fruits (control; b bagging fruits, followed by the unbagging at 15 and 7 days before harvest, and on the harvest day. It was bagged per treatment, 150 'Royal Gala' fruits and 300

  3. Influência do substrato, tamanho de sementes e maturação de frutos na formação de mudas de pitangueira

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luis Eduardo Corrêa Antunes

    2012-12-01

    Full Text Available Os experimentos foram realizados na Embrapa Clima Temperado, e as muda , conduzidas em bandejas de poliestireno expandido, de 72 células, colocadas em casa de vegetação com irrigação manual. O delineamento experimental adotado nos experimentos foi o inteiramente casualizado, em esquema fatorial, utilizando-se de quatro repetições com 12 sementes cada (Experimento 1 e três repetições com 18 sementes cada (Experimento 2. Os tratamentos do Experimento 1 foram o tamanho de semente (média e pequena e o substrato (Plantimax®, vermiculita e fibra de coco. Já no Experimento 2, os tratamentos utilizados foram as seleções de pitangueira (67 e172 e a maturação do fruto (parcial e totalmente maduro. Os parâmetros avaliados foram: porcentagem de emergência, comprimento da parte aérea e da maior raiz (cm, número de folhas por planta, massa da matéria seca da raiz e da parte aérea (g, sementes brocadas, dormentes e não emergidas. As sementes de tamanho médio foram superiores às pequenas em todas as variáveis avaliadas. O substrato Plantimax® proporcionou maior massa da matéria seca total do que a fibra de coco, porém não diferindo da vermiculita. A seleção 172 apresentou maior porcentagem de emergência e menor dormência do que a 67. As sementes oriundas dos frutos totalmente maduros apresentaram maior dormência e menor número de folhas do que as sementes de frutos parcialmente maduros. Conclui-se que a utilização de sementes de tamanho médio e do substrato Plantimax® proporciona melhor desenvolvimento inicial de mudas de pitangueira. O grau de maturação dos frutos afeta o processo de dormência das sementes e o desenvolvimento inicial das mudas de pitangueira.

  4. Produção, qualidade dos frutos e estado nutricional da laranja valência sob fertirrigação e adubação convencional Yield, fruit quality and nutritional status of valencia orange under fertigation and conventional fertilization

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiza H. Duenhas

    2005-04-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi comparar os efeitos de doses de nitrogênio, fósforo e potássio aplicadas via água de irrigação em comparação à aplicação convencional de fertilizantes, com irrigação e sem irrigação. O experimento foi conduzido em um pomar de laranja 'Valência' (Citrus sinensis Osbeck localizado em Pratânia - SP, durante três anos consecutivos, e analisados os dados do último ano de observação. As diferentes formas de aplicação dos fertilizantes e a redução das doses fornecidas via água de irrigação não resultaram em diferenças significativas sobre o número médio de frutos e produtividade. Também não foram constatadas diferenças estatísticas dos tratamentos sobre a qualidade do suco e o estado nutricional das plantas, com exceção do teor de fósforo.The purpose of this study was to compare doses of nitrogen, phosphorus and potassium applied through irrigation water and conventional fertilizer application, with and without irrigation. The experiment was carried out in a Valencia orange (Citrus sinensis Osbeck orchard in Pratania City, São Paulo State, Brazil, during three consecutive years. The data of the last year of observation were analysed. The different fertilizer application methods and the reduction of fertigation doses did not result in significative differences on the average number of fruits and productivily. Statistical differences of treatments on juice quality and plants nutritional status were not found, except leaf phosphorus.

  5. Maturação de frutos de Caesalpinia echinata Lam., pau-brasil Maturation of fruits of Caesalpinia echinata Lam. (Brasil wood

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francismar Francisco Alves Aguiar

    2007-02-01

    Full Text Available Estudaram-se parâmetros indicativos da maturação de frutos de árvores de Caesalpinia echinata, visando determinar a melhor época de colheita para propagação. Foram utilizadas 10 plantas-matriz cultivadas em Mogi-Guaçu, SP, nas quais foram etiquetadas 250 inflorescências no pico da floração para acompanhamento da maturação. As coletas de frutos tiveram início a partir da 5ª semana após a antese, prolongando-se até a 9ª, com intervalos de sete dias. Em cada coleta, analisaram-se os parâmetros: comprimento, largura e teor de água dos frutos; teor de água das sementes (após três dias de exposição ao sol para deiscência do fruto e extração da semente; porcentagem de germinação e peso de matéria seca de frutos, sementes e plântulas. Observou-se, ainda, a coloração dos frutos como parâmetro visual de maturação das sementes. O experimento foi repetido por três anos. Os testes de germinação foram realizados em caixas Gerbox contendo vermiculita umedecida com água destilada. As sementes foram colocadas para germinar em câmara regulada para 30 ºC e fotoperíodo de 12 horas O delineamento estatístico utilizado foi inteiramente casualizado com quatro repetições de 25 sementes por parcela, nos anos de 1991, 1992 e 1993. As leituras de germinação foram realizadas nos 4º e 8º dias após a semeadura. Pelos resultados, conclui-se que o momento ideal para coleta dos frutos de C. echinata é no estádio de pré-dispersão (entre a 8º e 9º após a antese visualizado através da coloração, quando estes mudam de verde para castanho.Several indicative parameters regarding fruit maturity of Caesalpinia echinata were studied in order to establish the ideal harvest time. Ten matrix plants were cultivated in Moji-Guaçu, SP (22°11' to 1022°18' S and 47°13' to 47°20' WG, altitude between 600m and 730m. The climate of the region is classified as Cwa. Two hundred and fifty blossoms were tagged during the the peak

  6. Reguladores de crescimento na frutificação efetiva e qualidade de frutos partenocárpicos de atemoia 'Gefner'

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marlon Cristian Toledo Pereira

    2014-04-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar os efeitos de reguladores de crescimento vegetal sobre a frutificação efetiva e a qualidade de frutos partenocárpicos de atemoia 'Gefner'. O experimento foi realizado em pomar de atemoia 'Gefner', em Homestead, Flórida, EUA. Utilizou-se um delineamento experimental de blocos ao acaso, com quatro tratamentos, cinco repetições e seis flores por parcela. Os tratamentos foram compostos por: T1, ácido naftaleno acético a 450 mg L-1 e ácido giberélico a 1.000 mg L-1; T2, promalina a 100 mg L-1 e ácido giberélico a 1.000 mg L-1; T3, ácido giberélico a 1.000 mg L-1; e T4, polinização artificial (testemunha. Foram avaliados a frutificação efetiva, o crescimento e a qualidade dos frutos. A aplicação dos ácidos naftaleno acético e giberélico a flores de atemoia 'Gefner' proporcionou elevada frutificação efetiva, semelhante à da polinização artificial. A aplicação do ácido giberélico, associado ou não ao ácido naftaleno ou à promalina, resulta na produção de frutos de atemoia 'Gefner' mais tardios e menores do que os oriundos da polinização artificial, mas com boa proporção de polpa, excelente teor de sólidos solúveis e, principalmente, frutos sem sementes (partenocárpicos.

  7. Concentração de potássio na solução nutritiva e a qualidade e número de frutos de melão por planta em hidroponia Potassium concentration in nutrient solution and quality and number of fruits of melon, cultivated in hidroponic

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Caciana Cavalcanti Costa

    2004-06-01

    Full Text Available O experimento foi conduzido em hidroponia (NFT no período de junho a novembro de 2001, na FCAV-UNESP em Jaboticabal-SP, situada a 21º15’ 22" Sul, 48º18’58" Oeste, e altitude de 575 metros. O híbrido Bônus n0 2 foi cultivado em blocos casualizados, em esquema de parcelas subdivididas, com seis repetições. Os elementos avaliados foram número de frutos por planta (2, 3, 4 e fixação livre e concentração de potássio na solução nutritiva (66; 115,5; 165 e 247,5mg L-1. O experimento teve como objetivo avaliar a concentração de potássio na solução nutritiva e número de frutos por planta sobre a qualidade dos frutos do meloeiro. Concentrações maiores do que 66mg L-1 de potássio na solução nutritiva não promoveram incrementos nas características de qualidade dos frutos do meloeiro como: teor de sólidos solúveis médio de todos os frutos da planta, do segundo fruto, da acidez total titulável média de todos os frutos da planta, do primeiro fruto, do segundo fruto, do índice de maturação, da espessura da polpa e do índice de formato dos frutos. Frutos oriundos de plantas de melão com dois frutos apresentaram maior teor de sólidos solúveis e acidez total titulável, independente da concentração de potássio na solução nutritiva. O maior número de frutos por planta reduziu a espessura do mesocarpo dos frutos.The experiment was carried out in Jaboticabal-SP. The hybrid Bonus n0 2 was cropped in randomized blocks design, in split-plot scheme and six replications. Fruit number per plant (2, 3, 4 e free fruit set and potassium concentration in the nutrient solution (66, 115.5, 165 and 247.5mg L-1 were the studied factors. The increase of potassium concentration in the nutrient solution did not promote increase melon fruit quality characteristics such as: average soluble solid content from all plant fruits or that of the second fruit; average total tritratable acidity from all plant fruits and that of the first or

  8. Concentração de nitrogênio na solução nutritiva e número de frutos sobre a qualidade de frutos de melão Nitrogen concentration in nutrient solution and number of fruits on quality of melon fruits

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luis Felipe Villani Purquerio

    2005-07-01

    Full Text Available O trabalho foi conduzido em ambiente protegido, na UNESP-FCAV, em Jaboticabal (SP, de junho a novembro de 2001, com o objetivo de avaliar a qualidade dos frutos do meloeiro (Cucumis melo var. reticulatus, híbrido Bônus nº2, cultivado em sistema hidropônico NFT, em função da concentração de nitrogênio na solução nutritiva (80; 140; 200 e 300 mg L-1 e do número de fruto por planta (2; 3; 4 e livre. O delineamento experimental foi de blocos ao acaso, em parcelas subdivididas, com seis repetições. O teor de sólidos solúveis totais e acidez total titulável foram maiores em frutos colhidos de plantas com menor número de frutos pré-estabelecidos. O aumento da concentração de N na solução nutritiva proporcionou aumento na acidez total titulável e nenhum efeito sobre o teor de sólidos solúveis totais. Houve redução nos diâmetros longitudinal, transversal e na espessura do mesocarpo com o aumento da concentração de N, bem como com o aumento do número de frutos por planta. O índice de formato de fruto manteve-se igual ou muito próximo a 1.The effect of nitrogen concentrations (80; 140; 200 and 300 mg L-1 and fruit number per plant (2; 3; 4 and free setting, on the quality of net melon fruits (Cucumis melo var. reticulatus, Bonus nº 2 hybrid was investigated. The experiment was carried out at UNESP-FCAV, Jaboticabal, Brazil, using a NFT hydroponic system, from June to November/2001. The experimental design was of randomized split plots, with six replications. Total soluble solids content and total acidity were higher in fruits harvested from plants with a smaller number of pre-set fruits. A slight increase was observed on total acidity due to the increase of nitrogen concentration in nutrient solution, without any significant effect on total soluble solids. An increase of the N concentration and the number of fruits per plant resulted in a reduction of fruit longitudinal and transversal diameters and pulp thickness. Fruit

  9. Correlação entre a necrose de frutos associada ao Colletotrichum spp. com as características frutos por nó e produtividade entre genótipos de café arábica Correlation between fruit necrosis associated to Colletotrichum spp. with the fruits per node and yield traits of arabic coffee

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gustavo Hiroshi Sera

    2008-02-01

    Full Text Available O fungo Colletotrichum spp. vem sendo associado à graves perdas para a cafeicultura brasileira. Objetivou-se neste trabalho verificar a existência de relação entre a variável necrose de frutos associada ao Colletotrichum spp. ("COL" com a quantidade média de frutos por nó produtivo ("FN" e com a produção ("PRD" em genótipos de café arábica. O ensaio de campo foi realizado no IAPAR (Londrina, PR, Brasil em dezembro de 2004 e em cafeeiros com três anos de idade. A variável "COL" foi avaliada atribuindo-se notas de 1 a 5, onde 1 representam plantas com 0 % a 5 % de frutos necrosados. "FN" foi avaliada seguindo uma escala de notas de 1 a 5, onde 1 representa plantas com 0 a 3 frutos/ nó e nota 5 com mais do que 15 frutos/ nó. A avaliação visual subjetiva da produção foi estimada em litros de frutos em estádio cereja, por planta. A correlação de Pearson foi estimada para avaliar a existência de associações entre as variáveis. Foram observadas correlações positivas e significativas a 1 % entre "COL" e "FN" e entre "COL" e "PRD". A necrose de frutos foi mais intensa em cafeeiros com mais produção e com mais frutos por nó produtivo. Sugere-se que a avaliação da resistência de campo à necrose dos frutos associada à presença de Colletotrichum spp. seja realizada em cafeeiros com alta produção e com alta quantidade de frutos por nó produtivo.Different fungi species of genus Colletotrichum has been associated with losses to the Brazilian coffee crop. The aim of this research was to evaluate the association between the variable fruit necrosis associated to Colletotrichum spp. ("COL" with the fruits per productive node average ("FN" and between "COL" and the yield ("PRD" in Coffea arabica L. genotypes. The field assay was evaluated at IAPAR (Londrina, PR, Brazil, in December 2004 and on coffee trees with three years old. The "COL" variable was evaluated attributing scores from 1 to 5, where score 1 represents plants

  10. Genómica Funcional de Plantas: Estudio del Desarrollo de Flores y Frutos Genómica Funcional de Plantas: Estudio del Desarrollo de Flores y Frutos

    OpenAIRE

    Octavio Rubén Salazar Moya; José Irepan Reyes Olalde; Víctor Manuel Zúñiga Mayo; Stefan de Folter; Nayelli Marsch Martínez

    2012-01-01

    La última fase del desarrollo floral es la fertilización de los óvulos y la formación de los frutos,que son muy importantes tanto biológica como económicamente. Notoriamente, más del 80% de los alimentos que son consumidos por el ser humano proviene de flores y frutos.La obtención de conocimientos acerca de las bases moleculares del desarrollo de frutos en especies modelo es de gran interés científico, y un paso indispensable para poder facilitar investigaciones y de ser factible, aplicacione...

  11. Quantificação da divergência genética entre acessos de goibeira por meio da estratégia Ward-MLM

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bianca Machado Campos

    2013-06-01

    Full Text Available O presente trabalho teve como objetivo quantificar a divergência genética entre 138 acessos de goiabeira procedentes do banco de germoplasma da Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (UENF, com base em descritores morfológicos, agronômicos e físico-químicos, por meio do procedimento Ward - Modified Location Model (MLM. Para tanto, foram avaliados 13 descritores, sendo cinco qualitativos (coloração da polpa, superfície do fruto, formato do fruto ao final do pedúnculo, largura do pescoço e uniformidade da cor da polpa e oito quantitativos (massa média do fruto, diâmetro longitudinal do fruto, diâmetro transversal do fruto, rendimento da polpa, teor de sólidos solúveis totais, acidez do fruto, relação teor de sólidos solúveis totais e acidez do fruto e teor de ácido ascórbico. Detectou-se ampla variabilidade genética pelos dados morfológicos, agronômicos e físico-químicos nos 138 acessos de goiaba. Pelo procedimento da função da verossimilhança, determinou-se oito o número ideal de grupos, com um valor de incremento de 67,51. O grupo III foi considerado o mais distante, enquanto os grupos I, II, IV, V e VI, os mais próximos. O procedimento Ward-MLM é uma ferramenta útil para detectar divergência genética e agrupar os acessos utilizando, simultaneamente, variáveis qualitativas e quantitativas.

  12. Qualidade e potencial de conservação pós-colheita dos frutos em cultivares brasileiras de goiabeira-serrana

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cassandro Vidal Talamini do Amarante

    2013-12-01

    Full Text Available Foi avaliada a manutenção da qualidade pós-colheita dos frutos em cultivares brasileiras de goiabeira-serrana. Frutos das cultivares Alcântara, Helena, Mattos e Nonante foram colhidos na maturação comercial, no município de São Joaquim-SC, e armazenados a 4±1 ºC (90±5% UR, durante 21 dias, seguido de 8 e 48 h a 23±1 ºC (75±5% UR. Foram avaliadas a composição mineral (N, K, Mg e Ca na colheita e a qualidade dos frutos na colheita e após o armazenamento. Frutos da cultivar Nonante apresentaram na colheita maiores valores de acidez titulável (AT pH e de atributos de textura, e menores valores de pH e da relação sólidos solúveis/acidez titulável (SS/AT, sendo que, após o armazenamento refrigerado, este comportamento foi reduzido, com menores diferenças em relação às demais cultivares. Frutos de 'Nonante' apresentaram também maiores teores de K na casca e polpa, e menores teores de N na polpa e, após o armazenamento refrigerado, cor verde menos intensa na casca e menor escurecimento de polpa. Em relação aos dados de colheita, após o armazenamento refrigerado, houve maior redução na AT (41% do que no teor de SS (8,6%, o que ocasionou acentuado aumento na relação SS/AT (52,5%, considerando valores médios das quatro cultivares. Isto evidencia que, em goiaba-serrana, os ácidos orgânicos representam o principal substrato respiratório durante o armazenamento, o que compromete a qualidade sensorial pelo aumento na relação SS/AT. Frutos de 'Alcântara' foram também avaliados quanto aos efeitos do dano mecânico na colheita e do retardo no armazenamento refrigerado, na qualidade após o armazenamento. O dano mecânico na colheita (dano por queda, a uma altura de 50 cm, sobre uma superfície rígida ocasionou mínimo comprometimento da qualidade após o armazenamento refrigerado. Frutos desta cultivar apresentaram redução na AT (31%, textura da periderme (33% e força para a compressão (13%, e aumento no pH (20% e

  13. Efeito do estresse salino em genótipos tetraplóides de bananeira Effect of salt stress on banana tetraploid genotypes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lilia Willadino

    2011-01-01

    Full Text Available O presente trabalho avaliou 12 genótipos de bananeira no que se refere à tolerância à salinidade em fase inicial de crescimento, período do ciclo fenológico de maior sensibilidade. As plantas foram cultivadas, durante 21 dias, e submetidas a um tratamento com 100 mM de NaCl e a um controle, sem NaCl. Avaliaram-se atributos biométricos e teores de elementos minerais no tecido vegetal. Seis genótipos (Calipso, FHIA-02, PA 42-44, Bucaneiro, FHIA-03 e PV 42-142 dos doze estudados, apresentaram sintomas de toxidez causados pelo tratamento salino. O genótipo PA 42-44 se destacou como mais sensível, com os maiores teores de Na+, tanto no limbo foliar quanto nas raízes e rizoma, associados a uma redução da massa seca, da ordem de 18,5%. Os elevados teores de sódio detectados no genótipo PA 42-44 sugerem uma eficiência menor na extrusão do cátion paralelamente à ausência de habilidade em evitar sua translocação para o limbo foliar. Por outro lado, o genótipo Preciosa apresentou os menores teores de Na+ e a menor redução da produção de biomassa seca (0,2%, além de baixa relação Na+/K+.This study evaluated 12 banana genotypes with respect to salt tolerance during initial growth, the most sensitive stage of the phenological cycle. Plants were grown for 21 days under 100 mM NaCl or under a control treatment without NaCl. Biometrical parameters and mineral contents in plant tissue were evaluated. Six genotypes (Calipso, FHIA-02, PA 42-44, Bucaneiro, FHIA-03 and PV 42-142 out of 12 considered in this study showed toxicity symptoms induced by saline treatment. The PA 42-44 genotype was pointed out as the most sensitive one because it showed the highest Na+ contents in both leaf blade and roots and rizome, besides a 18.5% reduction of dry matter production. The high Na+ contents found for PA 42-44 tissues suggest a low efficacy to extrude and to prevent the Na+ translocation to leaf blade. On the other hand, the Preciosa genotype

  14. Ponto de colheita e maturação de frutos de camu-camu colhidos em diferentes estádios

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patrícia Maria Pinto

    2013-06-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi determinar o ponto de colheita e caracterizar a pós-colheita de frutos de camu-camu (Myrciaria dubia colhidos em diferentes estádios de maturação. A colheita dos frutos foi realizada em quatro estádios de maturação, definidos pela cor da casca: verde, verde-avermelhada, vermelho-esverdeada e roxa. O armazenamento foi feito em câmaras de refrigeração a 22±1°C e 85±5% UR. Utilizou-se delineamento experimental inteiramente casualizado, em parcelas subdivididas no tempo, com cinco períodos de armazenamento: 0, 3, 6, 9 e 12 dias. Foram avaliados: atividade respiratória; produção de etileno; coloração da casca verificada pelo ângulo de cor e coordenadas de cromaticidade a* e b*; firmeza; perda de massa de matéria fresca; teores de clorofilas, antocianinas, sólidos solúveis e ácido ascórbico; acidez titulável; e incidência de podridão. Os picos de produção de CO2 e etileno ocorreram após a colheita. Os teores de clorofilas e antocianinas variaram com a mudança na coloração da casca de verde para roxa, o que confirmou a maturação dos frutos. Os teores de ácido ascórbico variaram de 759,02 mg por 100 g, no estádio verde, a 1.071,12 mg por 100 g, no roxo. Os frutos colhidos totalmente roxos têm reduzida vida pós-colheita. A maior qualidade pós-colheita do camu-camu é obtida quando os frutos são colhidos com coloração vermelho-esverdeada.

  15. Propiedades físico-mecánicas del fruto y del sistema fruto-pedúnculo del café variedad Colombia.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alvarez Tobón Elizabeth

    1999-12-01

    Full Text Available En el Centro Nacional de Investigación de café CENICAFE, se estudió para café cereza variedad Colombia de frutos amarillos y rojos, de 2,3 y 4 años en estado de maduración verde, pintón y maduro, las propiedades físicas y mecánicas del sistema fruto-pedúnculo: dimensiones de los frutos, peso, momento de inercia con respecto a los tres ejes(x, y, z, longitud, diámetro y rigidez del pedúnculo, fuerza de tracción y momentos flectores y torsores necesarios para el desprendimiento de los frutos.

  16. Desfolha e posição do fruto em meloeiro cv. Don Luis, cultivado em ambiente protegido Defolation and position of fruit in melon plants cv. Don Luis, cultivated in protected environment

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aline da Silva Bhering

    2013-02-01

    Full Text Available Este trabalho teve como objetivo avaliar o efeito do número de folhas e da posição de fixação do fruto na planta sobre a produção de biomassa e a qualidade de frutos de meloeiro tipo Cantaloupe. O experimento foi constituído de quatro tratamentos, delineamento inteiramente casualizado, com 15 repetições. Os tratamentos foram: 1 14 folhas/planta, com fruto fixado na posição intermediária da planta; 2 14 folhas/planta, com fruto fixado no alto da planta; 3 14 folhas/planta até a fixação do fruto no alto da planta, quando foram retiradas as sete folhas imediatamente abaixo do fruto; e 4 14 folhas/planta até a fixação do fruto no alto da planta, quando foram retiradas as sete folhas na base da planta. Avaliaram-se: área foliar; área foliar específica; razão de área foliar; dias para colheita; ciclo cultural; diâmetro, comprimento, massa da matéria fresca, espessura do pericarpo, diâmetro da cavidade e teor de sólidos solúveis de fruto; e massa da matéria seca de folhas, caule, pecíolo e fruto. A condução das plantas com maior número de folhas (tratamentos 1 e 2 proporcionou maior área foliar, massa da matéria seca de folhas, massa das matérias fresca e seca de fruto, espessura do pericarpo e sólidos solúveis de fruto, comparado aos tratamentos 3 e 4. Maior área foliar/fruto proporciona frutos com maiores massa, espessura de pericarpo e teor de sólidos solúveis. A fixação do fruto na porção intermediária, comparada à fixação no topo da planta, tem como vantagem o menor ciclo cultural. O meloeiro ajusta a produção de massa dos órgãos à área foliar disponível na planta.The study aimed to evaluate the effect of leaf number and fruit setting position in the plant on the production of biomass and fruit quality of melon Cantaloupe. The experiment consisted of four treatments, in a completely randomized design with 15 replications. The treatments were: 1 14 leaves per plant, with the fruit set in the

  17. Atividade antioxidante de frutos de quatro cultivares de pessegueiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cláudia Mendes dos Santos

    2013-06-01

    Full Text Available Esforços são empregados para identificar plantas com teores de antioxidantes que conferem benefícios à saúde. A capacidade antioxidante do pêssego deve-se aos compostos fenólicos, vitamina C e carotenoides. O objetivo deste trabalho foi caracterizar quatro cultivares de pessegueiro (Aurora, Biuti, Diamante e Douradão em relação à capacidade antioxidante, determinando o teor dos compostos antioxidantes relacionados a essa atividade. Os frutos foram separados em dois grupos: sem armazenamento e armazenados por cinco dias à temperatura ambiente. Foram determinados os teores de vitamina C, carotenoides, compostos fenólicos e a capacidade antioxidante, pelos métodos DPPH e β-caroteno/ácido linoleico. As quatro cultivares mostraram-se ricas em substâncias antioxidantes, porém a intensidade dessa ação foi diferenciada entre elas. A cultivar Biuti apresentou maior teor das substâncias analisadas e maior atividade antioxidante em relação às outras cultivares. Foi observado que o potencial antioxidante dos frutos de pêssego aumentou durante o período de armazenamento.

  18. Biometria de frutos e sementes e emergência de plântulas de duas espécies frutíferas do gênero Campomanesia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Michele Camargo de Oliveira

    2011-06-01

    Full Text Available As espécies Campomanesia adamantium e Campomanesia pubescens são morfologicamente semelhantes, ocorrem em ambientes comuns do Bioma Cerrado, por isso são difíceis de serem separadas e identificadas. Os objetivos foram analisar dados biométricos de frutos e sementes de C. adamantium e de C. pubescens, além do processo de emergência das plântulas, para fins de comparações entre as espécies. Em novembro de 2007, de 50 frutos de cada espécie, foram realizadas medidas do comprimento transversal (mm e longitudinal (mm dos frutos e das sementes, massa da matéria fresca dos frutos (g, número de lóculos por fruto e número de lóculos com sementes. Para o teste de emergência, dois experimentos independentes, um para cada espécie, foram instalados em delineamento inteiramente casualizado, com seis métodos de beneficiamento dos frutos para remoção, secagem ou lavagem da mucilagem e quatro repetições com 40 sementes por parcela. Com frutos mais volumosos, com maior acúmulo de massa fresca e maior amplitude biométrica em relação aos de C. pubescens, C. adamantium apresenta potencial para seleção de materiais promissores para fins de melhoramento. A secagem à sombra por 24 horas das sementes com mucilagem reduz os percentuais de emergência e de plântulas normais, além da velocidade de emergência de plântulas de C. adamantium, embora este método seja indiferente para plântulas de C. pubescens. Sob as mesmas condições experimentais, plântulas de C. pubescens apresentam maior capacidade de emergência e de plântulas normais, além de maiores frequências diárias de plântulas emersas e redução dos tempos de emergência em relação às plântulas de C. adamantium.

  19. Efeito de anos e determinação do coeficiente de repetibilidade de características de frutos de goiabeira-serrana

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Degenhardt Juliana

    2002-01-01

    Full Text Available A variância ambiental costuma ser bastante significativa em características de produção e de frutos, a maioria de herança quantitativa. Este estudo teve por objetivo avaliar o efeito de anos e determinar o número de anos necessários para avaliação precisa do peso do fruto, peso de casca, comprimento, diâmetro, relação comprimento/diâmetro, rendimento de polpa e sólidos solúveis totais dos frutos de goiabeira-serrana (Acca sellowiana, em três anos de avaliação. Com exceção de sólidos solúveis totais, o efeito de anos representou grande parte da variância total. A partir do coeficiente de repetibilidade, determinou-se que seriam necessários no mínimo de quatro a seis anos de avaliação para seleção das plantas, com precisão de 80%.

  20. Derriçadora portátil na colheita total e seletiva de frutos do cafeeiro Portable harvester in the total and selective harvesting of coffee fruits

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristiano Márcio Alves de Souza

    2006-11-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar o desempenho de derriçadoras portáteis durante a colheita seletiva e total dos frutos, em dois sistemas de colheita. Foram determinados a carga pendente da planta, a capacidade de derriça, o índice de desfolha, a eficiência de derriça, o índice de frutos verdes no produto, o nível de ruído e o consumo horário e específico de combustível. O sistema de colheita, utilizando-se duas derriçadoras portáteis, simultaneamente na mesma fileira de cafeeiros, apresentou melhor desempenho. A colheita seletiva foi muito influenciada pela porcentagem de frutos maduros e carga pendente do cafeeiro.The objective of this work was to evaluate the performance of a portable coffee harvester to mountain areas. Two procedures were tested: harvesting all fruits in only one operation, and the selective harvesting. Coffee yield, harvesting capacity, index of leaves taken during harvesting process, harvesting efficiency, noise level and fuel consumption were measured. The harvesting system with two portable harvester presented better performance than with only one machine. Selective harvesting was highly influenced by the percentage of ripen fruits and by coffee yield.

  1. Avaliação nutricional em folhas de bananeira 'Prata-anã' adubadas com composto orgânico Nutritional leaves evaluation of banana 'Prata-anã' with organic compost

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Erval Rafael Damatto Junior

    2006-04-01

    Full Text Available Desenvolveu-se o presente trabalho objetivando avaliar o estado nutricional de plantas cultivadas com diferentes doses de composto orgânico no primeiro ciclo de produção da bananeira 'Prata-Anã', cultivada em Botucatu-SP. Os tratamentos empregados foram constituídos de diferentes doses de composto orgânico: T1 = 0 g de K2O/planta (Testemunha; T2 = 98,5 g de K2O/planta (43 kg de composto/planta; T3 = 197,0 g de K2O/planta (86 kg de composto/planta; T4 = 290,5 g de K2O/planta (129 kg de composto/planta, e T5 = 394,0 g de K2O/planta (172 kg de composto/planta, sendo as doses de composto calculadas de acordo com o teor de potássio presente no mesmo. Adotou-se o delineamento experimental de blocos casualizados, composto de 5 tratamentos, 5 repetições e 2 plantas por parcela. Os dados foram submetidos à análise de variância e à análise de regressão. Os efeitos da adubação orgânica foram avaliados por meio de análises químicas de macro e micronutrientes nas folhas, durante o florescimento e na colheita. A adubação orgânica não promoveu diferença nas concentrações de nutrientes nas folhas, contudo verificou-se que os teores foliares de potássio, considerados adequados para a bananeira 'Prata-Anã', podem ser inferiores aos padrões atualmente adotados para a cultura.The present work was carried out aiming to evaluate nutritional plants conditions with different organic compost rates in the first production cycle of banana 'Prata Anã' in Botucatu-SP. Different organic compost rates were used for the treatments: T1 = 0 g of K2O/plant (zero of the compost; T2 = 98,5 g of K2O/plant (43 kg of the compost/plant; T3 = 197,0 g of K2O/plant (86 kg of the compost/plant; T4 = 290,5 g of K2O/plant (129 kg of the compost/plant ; and T5 = 394,0 g of K2O/plant (172 kg of the compost/plant. The compost rates were calculated based on the quantity of potassium contained in the compost. The experiment was arranged in randomized blocks design

  2. Acúmulo de nutrientes em frutos de cafeeiro em duas altitudes de cultivo: micronutrientes Nutrient accumulation in coffee fruits at two at two plantation altitudes: micronutrients

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bruno Galvêas Laviola

    2007-12-01

    Full Text Available Dado à importância de se conhecer a exportação de micronutrientes pelos frutos, bem como, as épocas em que são mais demandados pelo cafeeiro, estudou-se o acúmulo de B, Cu, Fe, Mn e Zn em frutos de Coffea arabica L da antese à maturação, em lavouras estabelecidas em duas altitudes. Estudou-se também a variação no teor desses elementos. Estudou-se o acúmulo de B, Cu, Fe, Mn e Zn em frutos de cafeeiro arábico da antese à maturação em duas altitudes, bem como a variação na concentração dos elementos em folhas dos ramos produtivos. O experimento foi constituído da variedade de cafeeiro (Coffea arabica L. Catuaí IAC 44 cultivada a 720 e 950 m de altitude, no município de Martins Soares-MG. O delineamento experimental foi inteiramente ao acaso, com três repetições, usando um esquema de parcela subdividida no tempo. O aumento da altitude influenciou o ciclo reprodutivo do cafeeiro, demandando maior tempo para formação dos frutos. O consumo de nutrientes pelos frutos, assim como o enchimento de grãos, foi mais crítico em condições de menor altitude, já que a planta necessitou completar esses processos em menor espaço de tempo. No estádio de expansão rápida, a percentagem de acúmulo de micronutrientes foi maior na altitude de 720 m, comparada à de 950 m. De modo geral, a altitude influenciou a variação das concentrações foliares de nutrientes, apesar de não se ter observado resposta-padrão da concentração foliar ao aumento da altitude. Conclui-se que a altitude teve influência na extensão do ciclo, bem como no acúmulo de micronutrientes em frutos e na variação, das concentrações foliares destes elementos em folhas de cafeeiro.In view of the importance of knowing fruit micronutrients export from the soil, and the season in which its coffee-plant demand is higher, the accumulation of B, Cu, Fe, Mn and Zn in fruits as well as the variation in the leaf content of the elements in productive branches of

  3. Qualidade de frutos de cinco híbridos de melão rendilhado em função do número de frutos por planta Quality of fruits of five musk melon cultivars in function of the number of fruits per plant

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renata Castoldi

    2008-06-01

    Full Text Available Este trabalho teve por objetivo avaliar a qualidade de cinco híbridos de melão rendilhado, com dois e três frutos por planta, utilizando fibra da casca de coco e fertirrigação. Para tanto, foi instalado um experimento em casa de vegetação na UNESP-FCAV, Câmpus de Jaboticabal, com delineamento experimental em blocos ao acaso, em esquema fatorial 5 x 2, com quatro repetições. Os fatores avaliados foram cinco híbridos de melão rendilhado (Maxim, Bônus nº 2, Shinju 200, Fantasy e Louis e número de frutos por planta (2 ou 3 frutos. Os frutos foram colhidos quando atingiram o máximo do desenvolvimento. Foram avaliados: sólidos solúveis, acidez titulável, pH, vitamina C e massa média dos frutos. Para todas as características avaliadas, não houve interação entre híbridos e o número de frutos por planta. Com base nos resultados obtidos, conclui-se que o híbrido Bônus nº 2 apresentou o maior número de características qualitativas desejáveis quando cultivada sob ambiente protegido, utilizando fibra da casca de coco e fertirrigação. O número de frutos por planta não afetou as características qualitativas avaliadas, exceto o teor de sólidos solúveis e massa média dos frutos, sendo maior quando deixados dois frutos por planta.The aim of this work was to evaluate the quality of five cultivars muskmelon, conducted with two or three fruits per plant, using coconut fiber and fertirrigation. This research was carried in green house conditions in UNESP-FCAV, Campus of Jaboticabal, with experimental design of randomized blocks in factorial scheme 5 x 2, with four replications. The studied factors were five cultivars muskmelon (Maxim, Bônus 2, Shinju 200, Fantasy e Louis and number of fruits per plant (2 or 3 fruits. Fruits were harvested after they have achieved the maximum growth. The following parameters were studied: soluble solids; total tritritable acidity; vitamine C and average mass of the fruit. There wasn

  4. Alterações nos teores nutricionais foliares de bananeira 'prata-anã' adubada com composto orgânico em cinco ciclos de produção

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Erval Rafael Damatto Junior

    2011-10-01

    Full Text Available O presente trabalho objetivou avaliar o estado nutricional da bananeira-'Prata-anã' durante cinco ciclos de cultivo com adubação orgânica, no município de Botucatu-SP. As plantas foram adubadas com composto orgânico produzido a partir de serragem de madeira e esterco bovino, em que os tratamentos foram constituídos de doses desse composto (0; 98,5; 197,0; 290,5 e 394,0 g de K2O/planta. Empregou-se delineamento experimental em blocos casualizados, com cinco tratamentos e cinco repetições. No florescimento das plantas em cada ciclo, foram retiradas amostras foliares de duas plantas por parcela para serem analisados os teores de nitrogênio, fósforo, potássio, cálcio, magnésio, enxofre, boro, cobre, ferro, manganês e zinco. A maior parte dos macronutrientes presentes nas folhas não foi influenciada pelo incremento de doses de composto orgânico. No decorrer dos ciclos avaliados, os teores foliares de nitrogênio, fósforo, potássio, enxofre, boro, ferro e manganês diminuíram, enquanto o cálcio e o magnésio se acumularam nas plantas. Os teores de potássio estavam abaixo dos padrões para a cultura no Estado de São Paulo, em todos os anos avaliados, mesmo assim as plantas não apresentaram sintomas de deficiência ou queda de produção, inferindo-se que a faixa considerada como adequada para a cultivar pode ser inferior aos padrões atualmente adotados.

  5. Aminoethoxivinilglicina no controle do amadurecimento de frutos de caqui cv. Fuyu Aminoethoxyvinylglycine in the ripening control of persimmon fruits cv. Fuyu

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Angela Fuentes Fagundes

    2006-04-01

    Full Text Available Objetivou-se avaliar o efeito de aminoethoxivinilglicina (AVG, aplicado na pós-colheita, no amadurecimento de frutos de caqui (Diospyros kaki L. cv. Fuyu, armazenados à temperatura de 0 ± 2 ºC. Os frutos foram imersos durante dois minutos em solução de AVG, na concentração de 0; 415; 830 e 1.200 g ha-1 e dissolvidos em água destilada e adição de espalhante adesivo (óleo vegetal a 0,02% (v/v, secos à temperatura ambiente no barracão e armazenados em câmara fria a 0 ± 2 ºC e 95±2 % UR, e avaliados aos 32 e 52 dias com relação à firmeza, sólidos solúveis, pH da polpa, acidez titulável e injúria por frio. O AVG mostrou-se promissor no uso pós-colheita em caqui, onde os frutos tratados conservaram índices de firmeza linear em função da dose e teores de AT, SS e pH aceitáveis para o 'Fuyu'. Porém os frutos apresentaram translucidez, característica de injúria por frio, indicando a necessidade de novos estudos para se compreender a fisiologia pós-colheita deste fruto.An experiment was carried out to analyze the effect of the application of Aminoethoxyvinylglycine (AVG in post harvest application in persimmon fruits (Diospyros kaki L. cv. Fuyu stored at a temperature of 0 ± 2ºC. The fruits were immersed for two minutes into an AVG solution at a concentration of 0; 415; 830; 1200 g ha-1 and dissolved in distillated water. Then it was added adhesive spreader (vegetable oil 0.02% (v/v, dried at room temperature and stored at 0 ± 2 ºC and 95±2 % humidity. The treatments were evaluated on the 32nd and 52nd days to check the firmness, soluble solids, pH of the pulp, tritable acidity and chilling injury. The AVG may be promising in post harvest use with persimmon fruits, where treated fruits preserved linear levels of firmness in function of the doses and TA, SS and pH levels are acceptable for cv. Fuyu. However, fruits showed translucency, which are characteristics of chilling injury, indicating that new studies are

  6. Preferência alimentar do bicudo-do-algodoeiro por frutos de diferentes cultivares e idades

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Busoli Antonio Carlos

    2004-01-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar a preferência alimentar de adultos do bicudo-do-algodoeiro, Anthonomus grandis Boheman, 1843 (Coleoptera: Curculionidae, por duas cultivares de algodão (Gossypium hirsutum L. com frutos de diferentes idades. Foram realizados quatro experimentos em laboratório, avaliando-se o número de orifícios de alimentação. Maçãs de 2, 8 e 12 dias de idade, das cultivares IAC-20 e Reba P288, foram oferecidas aos insetos, confinados em recipientes, com opção de escolha quanto à idade e cultivar (primeiro experimento, sem opção de escolha quanto à idade e cultivar (segundo experimento, sem opção de escolha quanto à cultivar e com opção quanto a idade (terceiro experimento e sem opção quanto à idade e com opção de escolha quanto à cultivar (quarto experimento. Observou-se preferência por maçãs da cultivar IAC-20 com dois dias de idade, com uma redução de danos de 23,53% e 78,43%, respectivamente, aos oito e aos doze dias de idade.

  7. Caracterização farmacognóstica dos frutos de Cordia sellowiana Cham. e de Cordia myxa L. (Boraginaceae Jussieu)

    OpenAIRE

    Barroso,Isabel Cristina Ercolini; Oliveira,Fernando de

    2009-01-01

    Os frutos de Cordia sellowiana Cham. e Cordia myxa L. utilizados como emolientes demulcentes, béquicos e expectorantes foram estudados morfológico-anatomicamente, visando sua caracterização farmacognóstica. Foram fornecidos subsídios à identificação destes órgãos vegetais no estado natural e quando transformados em droga. A abordagem fitoquímica realizada permitiu por em evidência a presença de alcalóides, flavonóides, taninos e mucilagens. Em decorrência da presença de mucilagens, foi determ...

  8. Genótipos melhorados de mamão (Carica papaya L.): avaliação tecnológica dos frutos na forma de sorvete

    OpenAIRE

    Santana, Ligia Regina Radomille de; Matsuura, Fernando César Akira Urbano; Cardoso, Ricardo Luís

    2003-01-01

    p.151-155 O presente trabalho teve como objetivo a avaliação tecnológica na forma de sorvete, de frutos de cinco genótipos selecionados de mamão (CMF012, CMF020, CMF023, CMF031, CMF047), provenientes do Banco Ativo de Germoplasma da Embrapa Mandioca e Fruticultura, Cruz das Almas, Bahia. Estes genótipos foram identificados em estudos anteriores por apresentarem cor atraente, sabor agradável e valores elevados de sólidos solúveis (ºBrix). As amostras de sorvete foram submetidas à avaliação ...

  9. Genótipos melhorados de mamão (Carica papaya L.): avaliação tecnológica dos frutos na forma de sorvete

    OpenAIRE

    Santana,Ligia R.R.; Matsuura,Fernando C.A.U.; Cardoso,Ricardo L.

    2003-01-01

    O presente trabalho teve como objetivo a avaliação tecnológica na forma de sorvete, de frutos de cinco genótipos selecionados de mamão (CMF012, CMF020, CMF023, CMF031, CMF047), provenientes do Banco Ativo de Germoplasma da Embrapa Mandioca e Fruticultura, Cruz das Almas, Bahia. Estes genótipos foram identificados em estudos anteriores por apresentarem cor atraente, sabor agradável e valores elevados de sólidos solúveis (ºBrix). As amostras de sorvete foram submetidas à avaliação sensorial par...

  10. Produtividade da cultura da pinha (Annona squamosa L. em função de níveis de adubação nitrogenada e formas de aplicação de boro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    COSTA SELMA LOPES DA

    2002-01-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi estudar a influência da adubação com 4 doses de N (0; 100; 200 e 400 g planta-1, utilizando a uréia, e 3 formas de aplicação do boro (via foliar, via solo e sem B, utilizando o ácido bórico, na produtividade, no número, peso médio, diâmetro e comprimento dos frutos, no crescimento e no diâmetro dos ramos, na percentagem de frutos brocados e rachados. As adubações com boro e nitrogênio aumentaram a produtividade e o número de frutos, não se observando variação no diâmetro e no comprimento dos frutos. Houve variação no peso médio de fruto em função do N. O adubo nitrogenado aumentou o número de flores e de frutos e a porcentagem de frutos. As doses de N e as formas de aplicação de B não influenciaram as porcentagens de frutos brocados e rachados.

  11. ÁCIDOS FENÓLICOS E ATIVIDADE ANTIOXIDANTE EM FRUTO DE PHYSALIS PERUVIANA L

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ismael Ivan ROCKENBACH

    2009-06-01

    Full Text Available

    Physalis peruviana (physalis é uma fruta exótica com produção crescente no Brasil, havendo poucos trabalhos científicos realizados sobre a mesma. O objetivo deste estudo foi investigar o potencial antioxidante da fruta physalis e seu perfil de ácidos fenólicos. Foram determinados o conteúdo total de compostos fenólicos através do método Folin-Ciocalteau e a atividade antioxidante através do método ABTS (2,2´azino-bis-3-etilbenzotiazolin 6-ácido sulfônico em diferentes extratos. O perfil de ácidos fenólicos presentes em diferentes frações na fruta também foi determinado. O teor de compostos fenólicos totais obtido para o extrato metanólico foi de 57,9 mg GAE 100g-1 fruta fresca e a atividade antioxidante de 31 μMol g-1. Foram encontrados 10 ácidos fenólicos nas três frações avaliadas, predominando os ácidos salicílico e protocatequínico. A fração de ácidos fenólicos esterificados solúveis apresentou maior conteúdo de fenólicos totais (346,1 mg 100g-1 refletindo na maior atividade antioxidante, expressa como valor TEAC (185,3 μMol 100g-1. Os resultados obtidos mostraram alto conteúdo de fenólicos totais e considerável atividade antioxidante para o fruto physalis, comparáveis a diversas outras frutas tradicionalmente consumidas no Brasil. Assim, o fruto physalis pode ser considerado uma boa fonte de compostos antioxidantes naturais.

  12. Sesquiterpenos e hidrocarbonetos dos frutos de Xylopia emarginata (Annonaceae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Isabel C. Moreira

    Full Text Available O extrato hexânico dos frutos de Xylopia emarginata foi particionado entre hexano e MeOH/H2O. A fase hidroalcoólica foi submetida à separação cromatográfica fornecendo quatro sesquiterpenos: óxido de cariofileno, espatulenol, 1beta,6alfa-diidroxi-4(15-eudesmeno e 4-hidroxi-1,15-peróxieudesmano. A fase hexânica foi fracionada através de cromatografia em coluna fornecendo dois hidrocarbonetos (nonadecano e 1-nonadeceno e uma cetona alifática (hentriacontan-16-ona. As estruturas dos compostos isolados foram estabelecidas através de análise espectroscópica, principalmente RMN e EM.

  13. Diversidade genética intra e interespecífica de pitaya com base nas características físico-químicas de frutos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristiane Andréa de Lima

    2013-12-01

    Full Text Available Neste trabalho, objetivou-se avaliar a diversidade genética intra e interespecífica de 21 acessos de duas espécies de pitaya, Hylocereus undatus (Haw Britton & Rose e Selenicereus setaceus Salm-Dyck. A. Bereger ex Werderm., com base nas características físico-químicas dos frutos. Foram avaliadas as características: comprimento, diâmetro, sólidos solúveis, massa total da casca e da polpa dos frutos. Com base na média das características físico-químicas de cada acesso, foram calculados índices de distância genética entre cada par de acessos com base na distância euclidiana média padronizada. A partir da matriz de distâncias genéticas, realizaram-se análises de agrupamento por meio de dendograma e dispersão gráfica baseada em escalas multidimensionais. As variáveis analisadas apresentaram diferentes contribuições relativas para a diversidade genética. O diâmetro do fruto foi a variável que teve maior contribuição no índice de diversidade genética (27,45 %, seguido pela massa total do fruto (25,43 % e pela massa da polpa do fruto (24,67 %. As distâncias genéticas entre os 21 acessos de pitaya variaram entre 2,2 e 540,1. A análise de agrupamento permitiu subdividir os 21 acessos em dois grupos de similaridade genética, Hylocereus e Selenicereus, a uma distância genética relativa de 100. As características físico-químicas dos frutos evidenciaram alta diversidade genética entre os acessos das espécies H. undatus e S. setaceus.

  14. Efeito do Soursop yellow blotch virus no desenvolvimento vegetativo e na produção da gravioleira

    OpenAIRE

    Santos,Antonio A. dos; Cardoso,José Edmilson; Viana,Francisco Marto Pinto; Vidal,Júlio Cal; Souza,Raimundo Nonato Martins de

    2007-01-01

    Os danos causados no desenvolvimento vegetativo e na produção de frutos da gravioleira pelo vírus da mancha-amarela da gravioleira (Soursop yellow blotch virus, SYBV), foram estudados durante os anos de 2000 a 2004 em um experimento com dois tratamentos: plantas sadias e plantas doentes, dispostos em blocos ao acaso, com oito repetições e quatro plantas por parcela. Foram avaliados, anualmente, a altura da planta, diâmetro do caule, número e peso de frutos, sendo que a produção foi monitorada...

  15. Preparo de amostras e métodos para a determinação do teor de óleo essencial de frutos de limoeiro Samples preparation form and methods of analysis for determination of essential oil content on lemon fruits

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hélio Grassi Filho

    2005-04-01

    Full Text Available Objetivou-se avaliar alternativas de preparo da amostra e os métodos quantitativos para a determinação do teor de óleo em frutos de limão. Os tratamentos foram avaliados por meio do delineamento estatístico inteiramente casualizado, em esquema fatorial 2x2x6, com quatro repetições, sendo duas variedades-copa de limoeiro verdadeiro ('Siciliano' e 'Eureka', dois métodos analíticos para a determinação do teor de óleo (Scott e Clevenger e seis formas de preparo dos frutos para análise (análise do fruto inteiro; frutos cortados na longitudinal e análise de ¼; frutos cortados na longitudinal e análise de ¹/2; frutos cortados ao meio e análise da parte superior; frutos cortados ao meio e análise da parte inferior; e análise de ²/8 do fruto. O método denominado de Clevenger foi o mais eficiente na determinação do teor de óleo essencial, e as formas de preparo de amostras ½ inferior, ½ superior, ¼ longitudinal e ½ longitudinal dos frutos proporcionaram valores superiores de óleo essencial.The aim of this research was to evaluate the samples preparation form and methods of analysis to determinate the essential oil content in 'Siciliano' and 'Eureka' lemon fruits. The better sample form was determinated using the fresh and mature fruit, as following: analysis of full fruits, fruits cut in longitudinal way and analysis of ¹/4 of this one, fruits cut in longitudinal way and analysis of the half, fruits cut in the middle and superior part analysis, fruits cut in the middle and inferior part analysis and ²/8 of fruits analysis. The treatments were evaluated by a completely randomized experimental design, in a factorial scheme 2x2x6, with four replications. It was concluded that the Clevenger method was more efficient on the determination of the oil content, and the fruits cut in the ½ inferior, ½ superior, ¼ longitudinal and ½ longitudinal way provided superior values of essential oil content.

  16. «Daños, engaños y desengaños, frutos son de los años»: el valor semántico de la rima en los sonetos barrocos españoles sobre la fugacidad de la vida

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Špela Oman

    2012-12-01

    Full Text Available Uno de los temas más recurrentes del Barroco es, sin duda, el del tempus fugit que da lugar a numerosas reflexiones sobre la brevedad de la vida, la fugacidad de lo terreno y la omnipresencia de la muerte en la poesía áurea española. En los sonetos barrocos sobre la fugacidad, la obsesión barroca por el tiempo puede observarse también a nivel de la rima que, lejos de ser un mero recurso fónico y ornamental, aporta al poema un importante valor semántico. Entre palabras rimadas, como p. ej. años / daños / engaños / desengaños o mañana / vana, jornada / nada que aparecen casi de forma obsesiva a lo largo de toda la poesía barroca, se establecen vínculos semáticos que subrayan el tema principal del soneto. Del mismo modo, palabras como encina / ruina, vida / desvanecida, humano / gusano, dentro de un soneto sobre lo efímero de la vida, a pesar de la alteridad de sus significados, guardan una estrecha relación, llamando la atención sobre los efectos devastadores del fluir del tiempo. La rima funciona así como uno de los ejes del sentido y uno de los recursos para cumplir con la tendencia barroca a la unidad.

  17. DESBASTE DE MUDAS TIPO FILHOTE DO ABACAXI CV. PÉROLA: 1. PRODUÇÃO E QUALIDADE DO FRUTO SLIPS THINNING FROM THE PINEAPPLE CV. PÉROLA: 1. PRODUCTION AND FRUIT QUALITY

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    VALMIR PEREIRA DE LIMA

    2001-12-01

    Full Text Available O abacaxizeiro Pérola tem como uma das suas principais características a geração de elevado número de mudas tipo filhote, formando um cacho na parte superior do pedúnculo. Os filhotes desenvolvem-se no mesmo período da formação do fruto. Em plantio comercial na região do litoral Norte da Bahia, foi desenvolvido este estudo com o objetivo de avaliar o efeito do desbaste de mudas tipo filhote sobre aspectos vegetativos e produtivos do abacaxi cv. Pérola, cultivado sob condições de sequeiro. Nesta primeira parte, serão apresentados os efeitos sobre a produção e a qualidade do fruto. Em delineamento em blocos completos ao acaso, com sete repetições, foram estudados seis tratamentos, sendo a testemunha, sem desbaste, e os seguintes cinco níveis de desbaste de mudas tipo filhote: 1 - todas as mudas desbastadas; 2 -mantidas duas mudas do lado do sol poente; 3 - mantidas quatro mudas, com desbaste, de cima para baixo; 4 - mantidas quatro mudas, com desbaste, de baixo para cima; 5 - mantidas seis mudas. Por meio da análise de variância e teste de comparação entre as médias, foram avaliados aspectos da qualid