WorldWideScience

Sample records for fratura da concha

  1. Fratura segmentar da clavícula Segmental clavicle fracture

    OpenAIRE

    Evander Azevedo Grossi

    2011-01-01

    O objetivo deste trabalho é apresentar um caso incomum de fratura segmentar da clavícula associada a fratura de arco costal ipsilateral. Apesar da clavícula ser muito superficial, podem ocorrer casos despercebidos das duas fraturas, pois geralmente estes pacientes sofrem politraumatismos. É descrito o caso de um paciente que apresentou fratura da diáfise e da extremidade lateral da clavícula que foi operado e obtido excelente resultado. Casos semelhantes foram revistos na literatura e discuti...

  2. Fratura segmentar da clavícula Segmental clavicle fracture

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Evander Azevedo Grossi

    2011-01-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho é apresentar um caso incomum de fratura segmentar da clavícula associada a fratura de arco costal ipsilateral. Apesar da clavícula ser muito superficial, podem ocorrer casos despercebidos das duas fraturas, pois geralmente estes pacientes sofrem politraumatismos. É descrito o caso de um paciente que apresentou fratura da diáfise e da extremidade lateral da clavícula que foi operado e obtido excelente resultado. Casos semelhantes foram revistos na literatura e discutida a conduta.The aim here was to present an unusual case of segmental clavicle fracture associated with ipsilateral rib fracture. Although the clavicle is very superficial, undetected cases of both types of fracture may occur, because these patients usually suffer multiple trauma. The case of a patient with a fracture of the diaphysis and lateral extremity of the clavicle is described: the patient was treated surgically and an excellent result was achieved. Similar cases in the literature are reviewed and their management is discussed.

  3. A metodologia de projecto na aprendizagem da biodiversidade e geodiversidade na praia da concha

    OpenAIRE

    Rosa, Marina Maria Filipe

    2012-01-01

    Dissertação de mestrado em Biologia e de Geologia, apresentada ao Departamento de Ciências da Terra e ao Departamento de Ciências da Vida Este trabalho consistiu na implementação e avaliação da metodologia de projeto no estudo da Biodiversidade e Geodiversidade na Praia da Concha, Portugal Central, dando ênfase ao trabalho prático, através de uma aula de campo e de aulas laboratoriais. O trabalho foi realizado numa escola da Marinha Grande, com 11 alunos do 10º ano de escolaridade. Sendo a...

  4. Fratura extra-articular da extremidade medial da clavícula associada à luxação acromioclavicular tipo IV: relato de caso

    OpenAIRE

    Correa, Mário Chaves; Gonçalves, Lucas Braga Jacques; Vilela, Jose Carlos Souza; Leonel, Igor Lima; Costa, Lincoln Paiva; Andrade, Ronaldo Percopi de

    2011-01-01

    Ocorrendo isoladamente, as fraturas da clavícula e as luxações acromioclaviculares são lesões muito comuns. A combinação de uma luxação acromioclavicular e de uma fratura do terço lateral da clavícula não é rara. Entretanto, existem muito poucos casos descritos de luxações acromioclaviculares associadas a fraturas do terço médio da clavícula; aquelas associadas a fraturas do terço medial são ainda mais raras. Nós reportamos o caso de um indivíduo adulto do sexo masculino que sofreu uma luxaçã...

  5. Uma Metodologia para a avaliação dos gradientes de tenacidade à fratura ao longo da camada cementada do aço SAE 5115

    OpenAIRE

    Sandor,Leonardo Taborda; Ferreira,Itamar

    2006-01-01

    Este trabalho propõe um modelo para avaliar pontualmente as variações de tenacidade à fratura ao longo da camada cementada de um aço SAE 5115. A pequena espessura dessas camadas impede a retirada de corpos de prova nas dimensões especificadas pelas normas de ensaios de tenacidade à fratura. Assim, para simular uma camada cementada retirou-se corpos-de-prova de tração e de tenacidade à fratura de amostras de aços SAE 5115, 5140, 5160 e 52100 assumindo a influência local apenas da variação do t...

  6. Estudo morfométrico da concha de Lymnaea columella say, 1817 (Mollusca, Gastropoda, Pulmonata

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marlene T. Ueta

    1980-12-01

    Full Text Available Foram estudadas variações morfométricas de conchas de L. columella, provenientes de dez criadouros localizados nos seguintes municípios do Estado de São Paulo: - Campinas, Americana, Atibaia, Pirassununga, Caçapava e Taubaté. Foram analisados os diferentes tipos de ambientes onde as limneas são encontradas com maior freqüência, estabelecendo-se a época do ano com maior abundância em espécimes, que correspondeu aos meses de julho a outubro. As medidas nas conhas dos diferentes criadouros referiram-se ao comprimento e largura da concha, comprimento e largura da abertura, comprimento da espira e número de voltas. Foram estabelecidos os coeficientes de correlação e de regressão e realizadas análises de variância entre as medidas tomadas e os índices obtidos da relação entre largura/comprimento da concha. Estas conchas foram comparadas com as de L. columella, L. viator, L. cubensis da coleção do Museu Nacional do Rio de Janeiro. Para a maioria das medidas as conchas mostraram proporções constantes, embora apresentassem diferenças em relação ao desenvolvimento. A maior variação foi observada em relação ao comprimento da espira. As variações morfométricas das conchas foram relacionadas com alguns fatores externos como pH, alcalinidade, dureza e teor da água. Aparentemente apenas a dureza total da água influiu na consistência das conchas.Shells of Lymnaea columella from ten populations from the State of São Paulo were studied to determine morphometric variation. Samples were collected in the following municipalities: Campinas, Americana, Atibaia, Pirassununga, Caçapava and Taubaté. Five measurements were taken from each shell: length and width of the shell, length and width of the aperture and lenght of the spire. Two ratios were also established: width/lenght of the shell and length of the aperture /length of the shell. The numbers of whorls and the length of the shell were also determined. Statistical tests

  7. Fratura periprotética da tíbia combinada com fratura de fadiga da haste tibial de artroplastia total do joelho Tibial periprosthetic fracture combined with tibial stem stress fracture from total knee arthroplasty

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernando Fonseca

    2011-01-01

    Full Text Available As complicações das artroplastias totais do joelho relacionadas com o próprio material são muito raras, exceto o desgaste do polietileno. Neste artigo os autores reportam o caso de uma paciente do sexo feminino de 58 anos referenciada ao pronto-socorro do nosso hospital por uma fratura periprotética tibial (tipo I da classificação da Mayo Clinic. Uma observação mais cuidadosa mostrou a presença concomitante da referida fratura da tíbia associada à fratura de fadiga da haste tibial. A prótese com a haste foi remetida a um laboratório de biomecânica independente onde foi avaliada e efetuada uma reconstrução com uso de sistema de elementos finitos em CAD de modo a verificar a existência de algum defeito de fabricação e as eventuais causas para o sucedido. Depois de avaliadas diversas hipóteses, concluiu-se que a fratura do material foi provocada por uma sobrecarga na zona de transição prato/haste secundária à falência óssea prévia (fratura. Da avaliação do caso ressalta-se novamente a necessidade de efetuar uma avaliação adequada da mineralização óssea e, em caso de dúvida, utilizar uma haste longa.Total knee arthroplasty complications related to the prosthetic material are very rare, except for polyethylene wear. We report the case of a 58-year-old woman who came to the emergency service of our hospital with a periprosthetic tibial fracture (Mayo Clinic type I. Careful examination showed that this fracture was concomitantly associated with a tibial stem fatigue fracture. The prosthesis and the stem were sent to an independent biomechanics laboratory for evaluation. A finite-element CAD system was used to make a reconstruction, so as to ascertain whether there had been any manufacturing defect and what the causes of the event might have been. After evaluation of several hypotheses, it was concluded that the fracture in the prosthetic material had been caused by overloading at the plate/stem transition zone

  8. Estudo epidemiológico das fraturas mandibulares em hospital público da cidade de São Paulo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antonio Augusto Ferreirinha Leporace

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar a frequência epidemiológica de fraturas mandibulares correlacionando gênero, faixa etária, fatores etiológicos, localização anatômica, e tipos de traços de fratura. MÉTODOS: Estudo retrospectivo nos prontuários de 883 pacientes portadores de fraturas faciais, atendidos no Pronto Socorro do Hospital Geral de Vila Penteado, pelo Serviço de Cirurgia e Traumatologia Buco Maxilo Facial (São Paulo - Brasil, num período de três anos (janeiro de 2004 a dezembro de 2006. RESULTADOS: Dos 883 pacientes avaliados, 270 apresentaram fraturas mandibulares (30,5 %. O gênero masculino foi o mais acometido (76,7% na faixa etária de 20 a 29 anos (33,0%, o fator etiológico de maior freqüência foi acidente com veículos automotores (35,2%, o corpo da mandíbula foi a localização anatômica mais atingida (47,4% e os traços únicos prevaleceram (76,7%. CONCLUSÃO: As fraturas, em sua maioria, foram simples (traço único, localizadas em corpo mandibular, e destacadas no sexo masculino, na faixa etária de 20 a 29 anos, além do que o fator etiológico mais comum foi acidente com veículos automotores.

  9. Estudo do tratamento das fraturas da cabeça do fêmur Study of the treatment of femoral head fractures

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rodrigo Pereira Guimarães

    2010-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Estabelecer diretrizes para o tratamento das fraturas da cabeça femoral e determinar a melhor via de acesso nos casos tratados cirurgicamente. MÉTODOS: Avaliamos os resultados clínicos e radiográficos de 13 pacientes (13 fraturas tratados cirurgicamente entre maio de 1986 e julho de 1996 no Departamento de Ortopedia e Traumatologia da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo (SCMSP, Pavilhão "Fernandinho Simonsen". RESULTADOS: Entre as seis fraturas Pipkin 1, cinco foram submetidas à ressecção do fragmento, o que nos levou a quatro resultados excelentes e um bom, sendo este com fixação do fragmento. Três pacientes apresentaram fraturas Pipkin 2 e todas foram fixadas, observados dois excelentes resultados e um regular. Dois pacientes Pipkin 3 foram submetidos à artroplastia primária. Dos dois pacientes com lesão Pipkin 4, um foi tratado com redução e osteossíntese da fratura do acetábulo, sem abordar o fragmento da cabeça que estava bem reduzido e resultou em artrose precoce, e o outro foi submetido à artroplastia total como tratamento primário. CONCLUSÃO: Concluímos após comparação da revisão da literatura com a análise dos nossos casos, que o tratamento da fratura da cabeça femoral deve ser cirúrgico e a escolha da via de acesso vai depender do tipo de fratura.OBJECTIVE: To establish guidelines for the treatment of femoral head fractures and to determine the best form of access in cases treated surgically. METHODS: We evaluated the clinical and radiological results of 13 patients (13 fractures treated surgically, between May 1986 and July 1996, at the Department of Orthopedics and Traumatology at the Santa Casa de Misericórdia de São Paulo (SCMSP, Fernandinho Simonsen Pavillion. RESULTS: Among six Pipkin 1 fractures, five had resection of the fragment, resulting in four excellent and one good result. The good result had fixation of the fragment. All three Pipkin 2 fractures had fixation of the fragment

  10. Fraturas do côndilo occipital: atualização da experiência em nosso serviço e revisão da literatura

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Henrique Gomes Noronha

    2013-01-01

    Full Text Available Apresentamos neste trabalho a casuística de fraturas de côndilo occipital diagnosticada e tratada em nosso serviço nos últimos 10 anos. O presente estudo dá continuidade ao levantamento epidemiológico já realizado no período de 1993 a 2000. No período de 2001 a 2011, foram diagnosticados seis casos de fraturas de côndilo occipital e todos eles foram tratados de forma conservadora, exceto um, no qual se colocou um halo craniano inicialmente. Nos cinco casos tratados de modo conservador, observaram-se bons resultados, com estabilidade do segmento nas radiografias funcionais, ausência de limitação de movimento e ausência de dor. O paciente que foi tratado com halo apresentava tetraplegia parcial FRANKEL C e fraturas associadas (C5, C6, L1 e L2 e não apresentou melhora do quadro neurológico, verificando-se limitação do movimento cervical. Destacamos ainda a importância da investigação ativa de lesões na transição occipitocervical, principalmente nos casos decorrentes de trauma de alta energia, pois além das implicações clínicas da detecção precoce da fratura, o melhor emprego dos exames subsidiários tem sido um fator relevante para o aumento da incidência de fraturas do côndilo occipital. Como é historicamente relatado, o tratamento conservador ainda é eficaz e com baixo índice de complicações, e o tratamento cirúrgico deve ser indicado em casos com instabilidade definida.

  11. Avaliação da qualidade de vida em pacientes com fratura da tíbia Assessment of quality of life in patients with tibia fractures

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Oswaldo Roberto Nascimento

    2009-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar o impacto da fratura na qualidade de vida dos pacientes. MÉTODO: Os pacientes foram submetidos a um protocolo de dados clínicos e epidemiológicos, a uma avaliação específica para fraturas da tíbia, o método de Johner e Wruhs, cujo dados foram analisados por um questionário genérico para avaliação da qualidade de vida, o SF-36, o qual foi aplicado pelos autores, com um mínimo de seis meses de pós-operatório. Estes instrumentos foram também estratificados com relação ao retorno ou não dos pacientes a todas as atividades que realizavam antes do acidente. RESULTADOS: Observou-se uma diminuição dos valores de avaliação do questionário SF-36 demonstrada estatisticamente (pOBJECTIVE: To evaluate the impact of tibial fractures on patient's quality of life. METHOD: All patients were evaluated by means of a protocol of clinical and epidemiological data. The Johner and Wruhs method was employed to evaluate tibial fractures and the results were compared to those of the SF-36 Health Survey, which was applied by the authors from the sixth month postoperatively. Those methods were applied considering the return of the patients or not to all the activities they used to perform before the accident. RESULTS: We found a statistical significance (p<0.05 showed by Mann- Whitney's U-test between the component of SF-36, and return or not to previous activities. Regarding the results of SF36 and clinical evaluation (Johner and Wruhs, on the Kruskal-Wallis' test, we also found significant correlation. CONCLUSION: According to the established criteria and based on the results, tibial fractures, even with favorable clinical outcomes, result in a diminished quality of life.

  12. Fratura extra-articular da extremidade medial da clavícula associada à luxação acromioclavicular tipo IV: relato de caso Extra-articular fracture of the medial end of the clavicle associated with type IV acromioclavicular dislocation: case report

    OpenAIRE

    Mário Chaves Correa; Lucas Braga Jacques Gonçalves; Jose Carlos Souza Vilela; Igor Lima Leonel; Lincoln Paiva Costa; Ronaldo Percopi de Andrade

    2011-01-01

    Ocorrendo isoladamente, as fraturas da clavícula e as luxações acromioclaviculares são lesões muito comuns. A combinação de uma luxação acromioclavicular e de uma fratura do terço lateral da clavícula não é rara. Entretanto, existem muito poucos casos descritos de luxações acromioclaviculares associadas a fraturas do terço médio da clavícula; aquelas associadas a fraturas do terço medial são ainda mais raras. Nós reportamos o caso de um indivíduo adulto do sexo masculino que sofreu uma luxaçã...

  13. Resultados do tratamento das fraturas da diáfise do fêmur ipsilaterais às do colo ou transtrocantérica Outcomes in treatment of diaphiseal femur fractures ipsilateral to the neck or transtrocanteric fracture

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nelson Astur Neto

    2010-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliação radiográfica, funcional e das complicações do tratamento cirúrgico das fraturas diafisárias do fêmur associadas à fratura transtrocantérica ou do colo do mesmo fêmur. MÉTODOS: De 2002 a 2007 foram tratados 17 pacientes. Eram masculinos 88% e a idade média foi de 31 anos e três meses. Dez (59% apresentavam associação com fratura do colo do fêmur e sete (41% com a fratura transtrocantérica. Foram avaliados a dor residual e a amplitude de movimento articular do quadril e joelho, a consolidação radiográfica e o tipo de implante utilizado, pela avaliação atual e retrospectivamente pelo prontuário, com um seguimento médio de 48 meses. RESULTADOS: Todas as fraturas transtrocantéricas evoluíram para consolidação sem deformidade residual. Das fraturas do colo, três (30% apresentaram retardo da consolidação, e duas consolidaram em varo. Dois pacientes apresentaram retardo de consolidação da fratura diafisária. Todas as fraturas associadas trans-diáfise apresentaram resultado funcional excelente ou bom. Das associadas colo-diáfise, sete (70% apresentaram resultado funcional excelente ou bom, dois regular e um ruim. CONCLUSÃO: As fraturas associadas da diáfise do fêmur com fratura transtrocantérica apresentaram melhor resultado radiográfico e funcional com menos complicações que a associação da fratura diafisária com a fratura do colo do fêmurOBJECTIVE: To perform a radiographic and functional evaluation of the complications of diaphyseal fractures of the femur associated with ipsilateral fractures of the trochanter or the neck of the femur. METHODS: From 2002 to 2007, seventeen patients were treated, of which 88% were men, with a mean age of thirty-one years and three months. Ten (59% had associated fractures of the femoral neck and seven (41% had associated trochanteric fractures. The final range of motion of the hip and knee, the radiographic fracture consolidation, and the type of

  14. Efeitos da dieta proteica na cicatrização de fraturas distais de fêmur imobilizadas com pinos intramedulares em cão

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Silveira Iandara Silva

    1997-01-01

    Full Text Available No presente experimento vinte cães sem raça definida, pesando em média 6kg, com idade variando entre 4 e 12 anos, vindos do Biotério Central da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM, foram distribuidos em dois grupos com 10 animais, cada grupo dividido em dois subgrupos com 5 cães, denominados 1A, 1B, 2A e 2B. Os animais do grupo 1 receberam tratamento por 90 dias, e os do grupo 2 por 60 dias após a cirurgia. O subgrupo A correspondem a tratamento com ração crescimento contendo 27% de proteina bruta e o subgrupo B ração manutenção com 21% de proteina bruta. Todos os cães sofreram fratura distal de fêmur, experimental, reduzidas com dois pinos intramedulares, introduzidos através da superfície articular da tróclea. Os cães ficaram confinados em canis individuais até a remoção dos pontos e em canis comuns para no máximo 5 cães até o término do experimento. Foi feita avaliação clínica, radiográfica e histológica da evolução da cicatrização óssea a qual demonstrou que o tratamento com ração com maior teor de proteina proporcionou melhor regeneração e que a técnica de osteossíntese utilizada manteve estabilidade na linha de fratura.

  15. Efeitos da fratura do arco zigomático no crescimento facial em ratos jovens Effect of zygomatic arch fracture on facial growth in young rats

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elza Maria Villanova Fernandes ROCHA

    1999-01-01

    Full Text Available Os efeitos da fratura unilateral do arco zigomático no crescimento facial foram avaliados através de mensurações cefalométricas. Fratura com desvio medial no lado direito foi realizada em ratos com um mês de idade. Os animais foram sacrificados com três meses de idade e sua mandíbula foi desarticulada. O crânio foi submetido à tomada radiográfica axial e as hemimandíbulas à norma lateral. As mensurações foram realizadas através de um sistema de computador. Foi verificada diferença significante a menor para a altura do corpo e do ramo da mandíbula. Não houve diferença significante para a profundidade da fossa infratemporal, bem como para as diversas mensurações na maxila e para o comprimento mandibular. A tendência de retorno do arco zigomático com desvio à sua posição original foi confirmada.The effect of unilateral zygomatic arch fracture on facial growth was analysed by means of cephalometric measurements. Medially displaced fracture of the right side was achieved in one month old rats. Reaching three months the animals were sacrified, and their mandibles disarticulated. The skull was submitted to axial radiographic incidence and the hemimandibles to a lateral radiographic incidence. The measurements were made through a computer system. Significant differences were verified with a decrease in body height and ramus of the mandible. There was no significant difference in infratemporal fossae depth, as well as in diverse measurements in maxilla and in mandibular lenght. The tendency of the fractured arch to return to its original position was confirmed.

  16. Avaliação dos resultados da redução aberta e da fixação interna das fraturas graves da extremidade proximal do úmero em idosos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alberto Naoki Miyazaki

    2014-01-01

    Full Text Available Objetivo: avaliar clinica e radiologicamente os resultados obtidos com a redução aberta e a fixação interna das fraturas graves da extremidade proximal do úmero (FGEPU na população com idade igual ou superior a 60 anos. Métodos: entre junho de 1992 e fevereiro de 2011, o Grupo de Ombro e Cotovelo do Departamento de Ortopedia e Traumatologia da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo tratou, com redução aberta e fixação interna, 21 pacientes com FGEPU e com idade superior a 60 anos. Desses, 18 foram reavaliados. Resultados: dois pacientes evoluíram com resultados excelentes, 12 bons, três regulares e um ruim. Portanto, verificamos que 77,7% evoluíram com bons e excelentes resultados. Todos os pacientes estavam satisfeitos com o tratamento e apenas três não retornaram às atividades prévias. As médias de mobilidade pós-operatória foram de 122° de elevação (90° -150°, 39° de rotação lateral (20 °-60° e T11 de rotação medial (T5 a Glúteo. Conclusão: a redução aberta e a fixação interna das FGEPU podem ser indicadas também para pacientes idosos e obtivemos 77,7% de bons e excelentes resultados. Estatisticamente (p < 0,05, a redução anatômica da fratura mostrou-se importante para a obtenção de bons resultados.

  17. Lesão oculta da articulação manúbrio-esternal associada à fratura da coluna torácica Occult manubriosternal joint injury associated with fracture of the thoracic spine

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Fernando Pereira da Silva Herrero

    2011-04-01

    Full Text Available Os autores relatam a ocorrência de lesão oculta da articulação manúbrio-esternal na avaliação inicial de um paciente com fratura da coluna torácica (T9. Foi diagnosticada fratura de T9 no paciente do sexo masculino de 37 anos de idade associada a déficit neurológico parcial. No atendimento inicial, as radiografias realizadas não demonstraram a lesão da articulação manúbrioesternal. Durante a reabilitação, após a estabilização cirúrgica da fratura da coluna torácica, subitamente o paciente sentiu dor intensa, acompanhada de deformidade ao nível do esterno, tendo sido diagnosticada luxação manúbrio-esternal nos exames de imagem. Devido à recidiva da luxação e de dor incapacitante, foi necessária a realização da redução aberta e fixação da articulação manúbrio-esternal. Na avaliação após 12 meses, o paciente apresentou recuperação completa da lesão neurológica, consolidação da artrodese do segmento vertebral T7-T11, e manutenção da redução da articulação manúbrio-esternal, que era assintomática durante a realização das atividades cotidianas.The authors report the occurrence of an occult manubriosternal joint injury in the initial evaluation on a patient with a thoracic spine fracture (T9. This T9 fracture was diagnosed in a 37-year-old man and was associated with a partial neurological deficit. At the initial evaluation, the radiographs produced did not show the manubriosternal joint injury. During rehabilitation, after surgical stabilization of the thoracic spine fracture, the patient suddenly felt an intense pain accompanied by deformation at the sternal level. From imaging examinations, manubriosternal dislocation was diagnosed. Because of recurrence of the dislocation and the incapacitating pain, open reduction and fixation of the manubriosternal joint had to be performed. At the 12-month follow-up, the patient presented complete recovery of the neurological lesion, consolidation of the

  18. Fratura tipo explosão da coluna torácica e lombar: correlação entre o segmento biomecânico sagital acometido e as alterações estruturais da vértebra fraturada

    OpenAIRE

    Silva,Matheus Luís da; Tisot,Rodrigo Arnold; Vieira,Juliano Silveira Luiz; Santos,Renato Tadeu dos; Tisot,Orley Fauth

    2013-01-01

    OBJETIVO: Analisar as fraturas tipo explosão da coluna torácica e lombar e fazer a correlação entre o segmento biomecânico sagital acometido e as alterações estruturais da vértebra fraturada. MÉTODOS: Estudo retrospectivo de 72 pacientes com fraturas tipo explosão da coluna torácica e lombar. O estreitamento do canal vertebral, o colapso vertebral e a cifose local foram avaliados em três segmentos distintos: torácico, transição toracolombar e lombar. RESULTADOS: Houve diferença estatística si...

  19. Avaliação epidemiológica das fraturas da coluna torácica e lombar dos pacientes atendidos no Serviço de Ortopedia e Traumatologia do Hospital Getúlio Vargas em Recife/PE

    OpenAIRE

    Pereira,André Flávio Freire; Portela,Luiz Eduardo Duque; Lima,Guilherme Didier de Andrade; Carneiro,Wagner Cabral Gomes; Ferreira,Marcus André Costa; Rangel,Túlio Albuquerque de Moura; Santos,Ricardo Barreto Monteiro dos

    2009-01-01

    INTRODUÇÃO: as fraturas da coluna torácica e lombar estão se tornando mais frequentes, devido ao aumento dos acidentes de alta energia. Elas apresentam um elevado índice de morbidade e mortalidade, acarretando grandes prejuízos socioeconômicos. OBJETIVO: analisar a epidemiologia das fraturas torácicas e lombares de pacientes atendidas no Serviço de Ortopedia e Traumatologia do Hospital Getúlio Vargas em Recife (PE). MÉTODOS: este estudo é uma análise epidemiológica dos pacientes com fraturas ...

  20. Treatment of complex acute proximal humerus fractures using hemiarthroplasty Tratamento das fraturas complexas agudas da extremidade proximal do úmero com o uso de hemiartroplastia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bruno Lobo Brandão

    2013-01-01

    Full Text Available OBJECTIVE: Evaluate the clinical and radiological results of hemiarthroplasty for treatment of complex proximal humerus fractures. METHODS: Sixty-seven patients were included, with follow-up of 12 to 62 months. Mean age was 65 years (44 to 88, and 47 patients were female (70%. Clinical assessment was performed using the University of California Los Angeles score (UCLA and measurement of range of motion (ROM according to the American Academy of Orthopaedic Surgeons criteria. A standardized radiological evaluation was conducted, with special attention to healing and position of tuberosities. Patients were divided into two groups: A (anatomical healing of tuberosities and B (without anatomical healing of tuberosities. Statistical analyses were performed using the t test. Level of significance was set at p OBJETIVO: Avaliar os resultados funcionais e radiográficos dos pacientes submetidos à hemiartroplastia para tratamento das fraturas complexas da extremidade proximal do úmero. MÉTODOS: Foram incluídos 67 pacientes, com seguimento que variou entre 12 e 62 meses. A média de idade foi de 65 anos (44 a 88 e 47 pacientes eram do sexo feminino (70%. Os pacientes foram avaliados clinicamente por meio da avaliação da amplitude de movimentos (ADM e do escore funcional da University of California Los Angeles (UCLA. A avaliação radiográfica foi feita de forma padronizada com divisão dos pacientes em dois grupos: A (consolidação do tubérculo maior em posição anatômica e B (ausência de consolidação anatômica do tubérculo maior. Na análise estatística consideramos significativos os achados com p < 0,05. RESULTADOS: A pontuação média do UCLA foi de 26 pontos, com média de oito pontos para dor e 64 pacientes satisfeitos subjetivamente (96%. Na avaliação da amplitude de movimento (ADM ativa encontramos uma média de 104º de flexão anterior e 36º de rotação lateral. No grupo A, com 33 pacientes, encontramos uma média de 122º de

  1. Fratura epifisiolise da extremidade proximal do úmero com luxação intratorácica: relato de caso Epiphysiolysis fracture of the proximal end of the humerus with intrathoracic dislocation: a case report

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jaime Guiotti Filho

    2008-02-01

    Full Text Available A fratura da extremidade proximal do úmero com luxação intratorácica foi relatada em 1949 por West, em que a fratura era, somente, do tubérculo maior. Desde então, poucos casos foram relatados na literatura, a maioria constituída por pessoas idosas, prevalecendo como indicação terapêutica artroplastia parcial. Os autores relatam o caso de um adolescente de 14 anos de idade, sexo masculino, que apresentou fratura epifisiolise da extremidade proximal do úmero com luxação intratorácica em decorrência de acidente ciclístico e que foi submetido a tratamento cirúrgico com redução, osteossíntese e reinserção do manguito rotador. A recuperação da cabeça do úmero totalmente desvitalizada e o acompanhamento do processo de necrose e revas cularização durante seis anos, em paciente adolescente, parece não terem sido previamente relatados.Fracture of the proximal end of the humerus with intrathoracic dislocation was reported in 1949 by West, and the fracture was only a fracture of the greater tubercle. Few cases have since been published, and most of them in elderly individuals, partial arthroplasty prevailing as the therapy indication. The authors report the case of a 14 year old boy who presented with an epiphysiolysis fracture of the proximal end of the humerus with intrathoracic dislocation resulting from a bicycle accident. The boy was submitted to surgical treatment with reduction, osteosynthesis, and reinsertion of the rotator cuff. The totally devitalized humeral head recovery and the monitoring of the necrosis and revascularization process for a period of six years in a teenager patient seems to have never been reported before.

  2. Avaliação do emprego da haste femoral curta na fratura trocantérica instável do fêmur Evaluating the use of a proximal femoral nail in unstable trochanteric fracture of the femur

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João Antonio Matheus Guimarães

    2008-09-01

    Full Text Available OBJETIVO: Identificar a taxa de consolidação da fratura trocantérica instável submetida a osteossíntese com haste femoral curta (PFN® - AO/ASIF, em pacientes operados entre novembro de 1999 e março de 2004. MÉTODOS: Foram analisados 45 pacientes com idades entre 60 e 93 anos, portadores de fratura trocantérica instável do fêmur, submetidos à osteossíntese com PFN® curto, mediante redução indireta em mesa de tração e auxílio de radioscopia. As fraturas foram classificadas de acordo com a classificação AO/OTA. A qualidade óssea foi avaliada através do índice de Singh, na rotina radiográfica pré-operatória. A qualidade da redução obtida e o posicionamento do implante foram avaliados pela radiografia pós-operatória em ântero-posterior e perfil do fêmur proximal, com análise do ângulo cervicodiafisário e a distância entre a ponta do parafuso deslizante e o centro da cabeça femoral, o chamado tip apex distance (TAD. RESULTADOS: A média de idade dos pacientes estudados foi de 80,8 anos (60-93. O sexo feminino foi predominante, com 37 casos (82,2%. O lado direito foi acometido em 22 casos (48,89% e o esquerdo em 23 (51,1%. Todas as fraturas eram instáveis, sendo 22 do tipo 31A2 (48,8% e 23 do tipo 31A3 (51,1%. O tempo médio de utilização da radioscopia foi de 102,4 segundos (61-185. A diferença entre o tempo de radioscopia para a redução e fixação dos dois grupos de fraturas estudados não foi significativa (p = 0,62. Com relação à qualidade óssea, 82,2% dos pacientes apresentavam índice de Singh menor que IV, caracterizando perda da arquitetura óssea normal. Quanto à consolidação da fratura, 44 casos evoluíram com êxito com tempo médio de 3,2 meses, variando entre dois e sete meses. Em sete casos ocorreu a necessidade de novo procedimento cirúrgico, sendo quatro para a retirada de material de síntese, devido a migração dos parafusos proximais da haste. Um caso de fratura do tipo 31A2

  3. Avaliação da tenacidade à fratura de diferentes sistemas cerâmicos Relative fracture toughness of differents dental ceramics

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Clovis Pagani

    2003-03-01

    Full Text Available Embora as cerâmicas possuam alta resistência à compressão, apresentam friabilidade devido à sua baixa resistência à tração e, desta forma, possuem menor capacidade de absorver impactos. Este trabalho avaliou a tenacidade à fratura de diferentes sistemas cerâmicos, que refere-se à medida da habilidade de absorção da energia de deformação de um material friável. Foram confeccionados 30 corpos-de-prova em forma de discos (5mmx3mm utilizando-se três diferentes materiais cerâmicos, os quais foram divididos em 3 grupos: G1-10 amostras confeccionadas com a cerâmica Vitadur Alpha (Vita-Zahnfabrik; G2-10 amostras confeccionadas com a cerâmica IPS Empress 2 (Ivoclar-Vivadent e G3-10 amostras confeccionadas com a cerâmica In-Ceram Alumina (Vita-Zahnfabrik. Para a obtenção dos valores de tenacidade foi utilizada a técnica da indentação que se baseia na série de fissuras que se formam sob uma carga pesada. Foram realizadas 4 impressões por amostra, utilizado um microdurômetro (Digital Microhardness Tester FM com uma carga de 500gf, durante 10 segundos. A análise estatística dos dados (Testes ANOVA de Kruskal-Wallis e Dunn, indica que a cerâmica In-Ceram Alumina apresentou valor mediano (2,96N/m3/2, estatisticamente diferente do apresentado pela IPS Empress 2 (1,05N/m3/2, enquanto que a cerâmica Vitadur Alpha apresentou valores intermediários (2,08N/m3/2, sem diferenças estatísticas dos outros dois materiais. Conclui-se que as cerâmicas apresentam diferentes desempenhos de tenacidade à fratura, sendo a In-Ceram capaz de absorver maior energia comparada a Vitadur Alpha e ao IPS Empress2.Although ceramics present high compressive strength, they are brittle materials due to their low tensile strength so they have lower capacity to absorb shocks. This study evaluated the fracture toughness of different ceramic systems, which refers to the ability of a friable material to absorb defformation energy. Three ceramic systems were

  4. Effects of the condylar process fracture on facial symmetry in rats submitted to protein undernutrition Efeitos da fratura do processo condilar na simetria facial em ratos submetidos à desnutrição protéica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lucimar Rodrigues

    2011-04-01

    áfica axial, e mensurações cefalométricas foram feitas por meio de um sistema de computador. Os valores obtidos foram submetidos a análises estatísticas entre os grupos e entre os lados em cada grupo. RESULTADOS: Houve redução significante nos valores de proteínas séricas e de albumina no grupo fraturado desnutrido. Houve desvio da linha média da mandíbula em relação à linha média da maxila, significativo no grupo fraturado desnutrido, assim como assimetria da maxila e da mandíbula, em especial no final do período experimental. CONCLUSÃO: A fratura do côndilo mandibular em ratos com desnutrição protéica induziu uma assimetria na mandíbula, também com consequências na maxila.

  5. Fratura extra-articular da extremidade medial da clavícula associada à luxação acromioclavicular tipo IV: relato de caso Extra-articular fracture of the medial end of the clavicle associated with type IV acromioclavicular dislocation: case report

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mário Chaves Correa

    2011-10-01

    Full Text Available Ocorrendo isoladamente, as fraturas da clavícula e as luxações acromioclaviculares são lesões muito comuns. A combinação de uma luxação acromioclavicular e de uma fratura do terço lateral da clavícula não é rara. Entretanto, existem muito poucos casos descritos de luxações acromioclaviculares associadas a fraturas do terço médio da clavícula; aquelas associadas a fraturas do terço medial são ainda mais raras. Nós reportamos o caso de um indivíduo adulto do sexo masculino que sofreu uma luxação acromioclavicular (tipo IV associada a uma fratura extra-articular desviada da extremidade medial da clavícula (grupo 3 de Almann em um acidente ciclístico. O paciente foi tratado na fase aguda com redução aberta e fixação interna das duas lesões. Na avaliação clínica, 12 meses após a cirurgia, o paciente apresentava-se assintomático, com mobilidade ativa e passiva completa, força e resistência normais e simetria das cinturas escapulares. As radiografias e a tomografia computadorizada tridimensional mostravam subluxação posterossuperior persistente da articulação acromioclavicular e consolidação anatômica da fratura clavicular.Fractures of the clavicle and acromioclavicular dislocations are very common injuries when they occur separately. The combination of an acromioclavicular dislocation and a fracture of the lateral third of the clavicle is not rare. However, there are very few reported cases of acromioclavicular dislocations associated with fractures of the middle third of the clavicle; those associated with fractures of the medial third are even rarer. We report the case of an adult male who suffered an acromioclavicular dislocation (type IV associated with a displaced extra-articular fracture of the medial end of the clavicle (Almann group 3 in a cycling accident. The patient was treated during the acute phase with open reduction and internal fixation of the two lesions. At the clinical evaluation 12

  6. Influence of root embedment material and periodontal ligament simulation on fracture resistance tests Influência do material de inclusão e da simulação do ligamento periodontal nos ensaios de resistência à fratura

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos José Soares

    2005-03-01

    Full Text Available The aim of this study was to evaluate the influence of the embedment material and periodontal ligament simulation on fracture resistance of bovine teeth. Eighty bovine incisor teeth were randomized into 8 groups (n = 10, embedded in acrylic or polystyrene resin using 4 types of periodontal ligament simulation: 1 - absence of the ligament; 2 - polyether impression material; 3 - polysulfide impression material; 4 - polyurethane elastomeric material. The specimens were stored at 37°C and 100% humidity for 24 hours. Specimens were submitted to tangential load on the palatal surface at 0.5 mm/minute crosshead speed until fracture. The fracture modes were analyzed as follows: 1 - coronal fracture; 2 - cemento-enamel junction fracture; 3 - partial root fracture; 4 - total root fracture. Statistical analyses by two-way ANOVA and Tukey's test were applied (p O objetivo deste estudo foi avaliar a influência do material de inclusão e da simulação de ligamento periodontal na resistência à fratura de dentes bovinos. Oitenta incisivos bovinos foram divididos em 8 grupos (n = 10 e, então, incluídos em cilindros com dois materiais, resina acrílica ou resina de poliestireno, usando-se quatro tipos de simulação do ligamento periodontal: 1 - ausência do ligamento; 2 - material de moldagem à base de poliéter; 3 - material de moldagem à base de polissulfeto; e 4 - material elastomérico à base de poliuretano. As amostras foram armazenadas em 100% de umidade a 37°C por 24 horas e então submetidas a carregamento tangencial na superfície palatina com velocidade de 0,5 mm/minuto até a fratura. Os padrões de fratura foram analisados de acordo com: 1 - fraturas coronais; 2 - fratura da junção esmalte-cemento; 3 - fratura parcial da raiz; 4 - fratura radicular total. A análise estatística empregou análise de variância fatorial e teste de Tukey (p < 0,05. Os resultados mostram que o método de inclusão e a simulação do ligamento periodontal

  7. Fratura tipo explosão da coluna torácica e lombar: correlação entre o segmento biomecânico sagital acometido e as alterações estruturais da vértebra fraturada

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Matheus Luís da Silva

    2013-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar as fraturas tipo explosão da coluna torácica e lombar e fazer a correlação entre o segmento biomecânico sagital acometido e as alterações estruturais da vértebra fraturada. MÉTODOS: Estudo retrospectivo de 72 pacientes com fraturas tipo explosão da coluna torácica e lombar. O estreitamento do canal vertebral, o colapso vertebral e a cifose local foram avaliados em três segmentos distintos: torácico, transição toracolombar e lombar. RESULTADOS: Houve diferença estatística significativa (p < 0,05 dos valores do estreitamento do canal vertebral e cifose local nos diferentes segmentos da coluna vertebral avaliados. CONCLUSÃO: As fraturas tipo explosão da coluna torácica e lombar, embora apresentem características semelhantes, independentemente do local de ocorrência, sofrem influência direta do segmento biomecânico sagital no que diz respeito às alterações estruturais que ocorrem na vértebra fraturada.

  8. Estudo da tenacidade à fratura por meio do método do trabalho essencial de fratura (EWF) da blenda PBT/ABS, reforçada com fibra de vidro

    OpenAIRE

    Carlos do Amaral Razzino

    2008-01-01

    O terpolímero acrilonitrila-butadieno-estireno (ABS) com alto teor de borracha tem sido utilizado para tenacificar PBT. Como resultados, são obtidas blendas de PBT/ABS super tenazes sob impacto Izod entalhado. No entanto, ocorre uma redução significativa no módulo elástico. O desenvolvimento de um balanço de rigidez-tenacidade em blendas de PBT/ABS pode ser alcançado pela adição de fibras curtas de vidro. O desempenho dos compósitos é fortemente dependente da interface matriz-fibra e conseque...

  9. Fractografia de compósito estrutural aeronáutico submetido ao ensaio de tenacidade à fratura interlaminar em Modo II

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Geraldo Maurício Cândido

    2014-01-01

    Full Text Available A fractografia consiste no estudo detalhado da morfologia da superfície de fratura de materiais. Para isto, a técnica de microscopia eletrônica de varredura (MEV é usualmente utilizada para determinar a causa de falha e a relação do modo de falha com a microestrutura do material em análise. Essas informações permitem estabelecer analogia entre estrutura, propriedade e processamento do material com a iniciação e a propagação da falha. Neste estudo, a análise fractográfica é utilizada para investigar os aspectos que caracterizaram a falha por delaminação em Modo II de laminados poliméricos de uso estrutural. Para isto, espécimes com um inserto de Teflon® introduzido no plano médio de uma das extremidades do laminado (End-Notched foram submetidos ao ensaio de carregamento em flexão em quatro pontos. Os espécimes foram preparados a partir de um laminado fabricado em autoclave, com camadas (0º, 90º de material pré-impregnado de tecido bidirecional em estilo plain weave de fibras de carbono IM7/resina epóxi M21. Os resultados da análise mostram que a superfície de fratura é muito irregular, com a visualização de fibras e impressões de fibras na matriz. Aspectos fractográficos de cúspides e formatos de concha, originados durante o cisalhamento da matriz polimérica, são também observados.

  10. La Concha Shell

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Levy, Matthys P.

    1961-01-01

    Full Text Available La estructura de hormigón armado que cubre el club en el hotel La Concha, de San Juan de Puerto Rico, tiene forma de concha ondulada elipsoidal. Se ha situado en un estanque poco profundo, del que emerge como si hubiese venido del océano que tiene delante.

  11. Características epidemiológicas e causas da fratura do terço proximal do fêmur em idosos Epidemiological characteristics and causes of proximal femoral fractures among the elderly

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Soares Hungria Neto

    2011-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: O custo social e econômico das fraturas da região proximal do fêmur é elevado e decorre, dentre outros fatores, da morbimortalidade da própria fratura. Apesar de sua importância, estudos envolvendo esse tema ainda são escassos no Brasil. Esse foi um estudo retrospectivo, observacional, transversal (ecológico com objetivo de traçar um perfil epidemiológico da fratura do terço proximal do fêmur em idosos, analisar suas causas e as características físicas dos pacientes admitidos em um único hospital universitário de São Paulo. MÉTODOS: Estudo de prontuários no período de um ano e comparação dos grupos pelo teste do Qui-quadrado; p OBJECTIVE: The social and economic cost of proximal femoral fractures is high, due the morbidity and mortality relating to the fracture itself, among other factors. Despite the importance of this issue, studies on this topic are still scarce in Brazil. This was a retrospective, observational and cross-sectional (ecological study with the aims of outlining an epidemiological profile for proximal femoral fractures among the elderly and analyzing the causes of these fractures and the physical characteristics of patients admitted to a single university hospital in São Paulo. METHODS: This was a study on medical records over a one-year period, with group comparisons using the chi-square test; p < 0.05 was considered significant. RESULTS: Ninety-four individuals were evaluated: predominantly female (2:1; 81-85 years of age; body mass index within normal limits; white and Asian patients (p < 0.05. The vast majority of the fractures occurred through low-energy trauma and inside the patients' homes (p < 0.05. After excluding the trauma resulting from high-energy events, over 39% occurred as the patients were moving from sitting to standing up or were using stairs, and approximately 40% occurred while they were standing still or walking. A greater number of cases corresponded to the cold seasons of

  12. Correlação entre tempo para o tratamento cirúrgico e mortalidade em pacientes idosos com fratura da extremidade proximal do fêmur Correlation between time until surgical treatment and mortality among elderly patients with fractures at the proximal end of the femur

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gustavo Gonçalves Arliani

    2011-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: O objetivo primário do estudo é analisar a possível associação entre o atraso para a realização do tratamento cirúrgico e mortalidade em pacientes idosos com fratura da extremidade proximal do fêmur. MÉTODOS: Foram estudados 269 pacientes com fraturas da extremidade proximal do fêmur (fraturas do colo do fêmur e fraturas intertrocanterianas, tratadas cirurgicamente no Hospital São Paulo - Unifesp-SP, no período de janeiro de 2003 a dezembro de 2007. Foram analisados e comparados com a literatura referente ao assunto os seguintes atributos: sexo, idade, tipo de fratura, classificação da mesma, lado acometido, síntese utilizada, mecanismo de trauma, tempo de internação, tempo para cirurgia, comorbidades associadas, hemograma de entrada, tipo de anestesia, necessidade de transfusão sanguínea, dia da semana e estação do ano da fratura. RESULTADOS: O estudo apresentou correlação entre maior número de comorbidades clínicas, maior tempo de internação e utilização de anestesia geral na cirurgia com maior mortalidade dos pacientes. CONCLUSÃO: Não houve associação entre tempo para realização da cirurgia e mortalidade.OBJECTIVE: The primary aim of this study was to analyze the possible association between delay in receiving surgical treatment and mortality among elderly patients with fractures at the proximal end of the femur. METHODS: 269 patients with fractures at the proximal end of the femur (femur neck and intertrochanteric fractures who were treated surgically at Hospital São Paulo, UNIFESP, São Paulo, between January 2003 and December 2007, were studied. Sex, age, type of fracture, classification of the fracture, affected side, synthesis used, trauma mechanism, length of hospitalization, length of surgery, associated comorbidities, hemogram at admission, type of anesthesia, need for blood transfusion, day of the week and season of the year of the fracture were analyzed and compared with the literature

  13. Fraturas: origem e tratamentos - doi: 10.5102/ucs.v3i2.561

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gustavo Rocha Velloso

    2008-04-01

    Full Text Available As fraturas representam uma fadiga de estrutura óssea. O estudo dos conceitos básicos sobre a organização do tecido ósseo, o mecanismo indutor das fraturas e o processo de consolidação são temas importantes da moderna traumatologia. Alterações estruturais nos ossos ocorrem em decorrência de complexo sistema de forças deformadoras. As lesões podem ocasionar alterações em diferentes tecidos ósseos. O tratamento das fraturas é usualmente realizado pela fixação interna e externa, mas experimentos modernos apontam para que o processo biológico de reparação das fraturas seja melhor do que a fixação metálica.

  14. Fraturas do côndilo mandibular: classificação e tratamento

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Manganello Luiz C.

    2002-01-01

    Full Text Available As fraturas do côndilo mandibular, dentre as fraturas faciais, são as que apresentam o maior número de controvérsias quanto ao seu tratamento e maior dificuldade de diagnóstico. A escolha de um tratamento - cirúrgico, bloqueio maxilo-mandibular, fisioterapia elástica ou associação -, está diretamente ligado ao tipo de fratura, à idade do paciente e ao grau de alteração funcional em decorrência da fratura. Os exames por imagens são importantes para o diagnóstico e classificação da fratura, no entanto, os achados clínicos são mais relevantes na indicação de um tratamento cirúrgico ou conservador. Este trabalho tem como objetivo apresentar uma classificação das fraturas do côndilo relacionada com o seu tratamento e relatar dois casos clínicos, sendo um tratado de forma cirúrgica e o outro conservadoramente, discutindo as vantagens e desvantagens do tratamento cirúrgico, bem como as indicações e contra-indicações.

  15. Facial symmetry evaluation after experimentally displaced condylar process fracture in methotrexate treated rats Avaliação da simetria facial após fratura experimental com desvio do processo condilar em ratos tratados com metotrexato

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Samantha Cristine Santos Xisto Braga Cavalcanti

    2012-03-01

    . O peso dos animais foi documentado. Foram realizadas mensurações lineares da maxila e da mandíbula, bem como angulares do desvio mandibular. Os dados foram submetidos a análises estatísticas entre os grupos, períodos de sacrifício e entre os lados em cada grupo (α=0,05. RESULTADOS: Os animais recuperaram peso ao longo do tempo, exceto no grupo D. Houve redução no comprimento mandibular com alterações também na maxila e desvio progressivo da mandíbula em relação à base do crânio no grupo D. CONCLUSÃO: O tratamento com metotrexato em alta dose teve efeito deletério na simetria facial de ratos submetidos à fratura do processo condilar.

  16. Avaliação do efeito da glicosamina e condroitina na consolidação de fratura: estudo experimental em ratos Evaluating the effects of glucosamine and chondroitin in bone healing: experimental study in rats

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roberto Guarniero

    2007-07-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar o efeito da administração da condroitina e da glicosamina na consolidação de fratura em modelo animal. MÉTODOS: Este estudo experimental envolveu a utilização de 40 ratos machos adultos da raça Lewis. Os animais foram randomicamente divididos em quatro grupos de 10 animais cada, assim constituídos: grupo I, com administração de glicosamina; grupo II, com administração de condroitina; grupo III, administração da associação de glicosamina e condroitina; grupo IV, administração de água destilada (grupo controle. Realizou-se uma fratura fechada médio-diafisária da tíbia e fíbula direitas em cada animal, seguida da administração diária das drogas de acordo com o grupo, durante 30 dias. Após esse período, os animais foram sacrificados para estudo dos calos ósseos formados. Os critérios de avaliação foram a avaliação clínica da consolidação óssea, mensuração da densidade mineral do calo ósseo utilizando-se a densitometria óssea e cálculo da área do calo formado por meio de planigrafia. Os dados coletados foram avaliados com a técnica da análise de variância (ANOVA para verificar diferenças entre as médias nos quatro grupos estudados e com o teste de Tukey para comparação das médias duas a duas. Adotou-se nível de significância de 5% (alfa = 0,05. RESULTADOS: A utilização da condroitina e da glicosamina, tanto de maneira isolada quanto associadas, não resultou em aumento da área do calo ósseo ou da sua densidade mineral óssea, e não havendo melhora clínica da consolidação óssea. CONCLUSÃO: A administração de condroitina e glicosamina, neste estudo, não influenciou - quer de maneira positiva ou negativa - a consolidação de fraturas experimentais em ratos.OBJECTIVE: To evaluate the effects of administering chondroitin and glucosamine for bone healing in an animal model. METHODS: This experimental study involved the use of 50 male adult Lewis rats. The animals were

  17. Tratamento cirúrgico da fratura instável do anel pélvico em pacientes esqueleticamente imaturos Surgical treatment of unstable pelvic ring fracture in skeletally immature patients

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João Antonio Matheus Guimarães

    2010-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Apresentar o resultado do tratamento cirúrgico definitivo da fratura instável do anel pélvico na criança submetida a redução e estabilização cirúrgica. MÉTODOS: Avaliamos 10 pacientes com esqueleto imaturo que sofreram fraturas instáveis do anel pélvico tratados cirurgicamente no período entre março de 2004 a janeiro de 2008. O estudo foi retrospectivo, baseado na avaliação clínica e radiográfica. RESULTADOS: A média etária na época do trauma foi de 8,8 anos (dois a 13 anos, sendo sete do sexo feminino e três do sexo masculino. As causas dos traumas foram atropelamento em oito casos, e acidente com motocicleta e queda de altura em um caso cada. Cinco pacientes apresentavam lesões associadas, como fraturas da clavícula, diáfise do fêmur, úmero proximal, ossos da perna, olecrânio e lesão de bexiga. Todos os pacientes avaliados apresentaram excelente evolução clínica. A assimetria pélvica antes do procedimento cirúrgico variava de 0,7 a 2,9cm (média 1,45cm, e caiu para valores entre 0,2 a 0,9cm (média 0,39cm após a redução. Em nenhum dos casos houve alteração da assimetria pélvica medida no pós-operatório imediato e no fim do seguimento. CONCLUSÃO: A fratura do anel pélvico em pacientes esqueleticamente imaturos é rara e a indicação de tratamento cirúrgico não é usual. Diversos autores questionam o tratamento conservador devido às complicações encontradas. A remodelação óssea não parece suficiente para que ocorra uma melhora da assimetria pélvica, fator que justifica a opção pelo tratamento cirúrgico para a redução e correção das deformidades do anel pélvico.OBJECTIVES: To present the outcome of the definitive surgical treatment of unstable fracture of the pelvic ring in children submitted to surgical reduction and stabilization. METHODS: We studied 10 patients with immature skeletons that suffered unstable fractures of the pelvic ring treated during the period between

  18. Fraturas do planalto tibial Tibial plateau fractures

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maurício Kfuri Júnior

    2009-01-01

    Full Text Available As fraturas do planalto tibial são lesões articulares cujos princípios de tratamento envolvem a redução anatômica da superfície articular e a restauração funcional do eixo mecânico do membro inferior. Contribuem para a tomada de decisões no tratamento dessas fraturas o perfil do paciente, as condições do envelope de tecidos moles, a existência de outros traumatismos associados e a infraestrutura disponível para abordagens cirúrgicas. Para as fraturas de alta energia, o tratamento estagiado, seguindo o princípio do controle de danos, tem como prioridade a manutenção do alinhamento do membro enquanto se aguarda a resolução das más condições de tecidos moles. Já nos traumas de baixa energia, desde que os tecidos moles não sejam um fator adverso, o tratamento deve ser realizado em tempo único, com osteossíntese definitiva. Fixação estável e movimento precoce são variáveis diretamente relacionadas com os melhores prognósticos. Desenvolvimentos recentes, como os implantes com estabilidade angular, substitutos ósseos e imagens tridimensionais para controle intraoperatório, deverão contribuir para cirurgias menos invasivas e melhores resultados.Tibial plateau fractures are joint lesions that require anatomical reduction of joint surface and functional restoration of mechanical axis of a lower limb. Patient profile, soft tissue conditions, presence of associated injuries and the available infrastructure for the treatment all contribute to the decision making about the best treatment for these fractures. High-energy fractures are usually approached in a staged manner respecting the principle of damage control, and are primarily targeted to maintain limb alignment while the resolution unfavorable soft tissue conditions is pending. Low-energy trauma can be managed on a single-stage basis, provided soft tissues are not an adverse factor, with open reduction and internal f-ixation. Stable fixation and early painless joint

  19. A new method for classifying distal radius fracture: the IDEAL classification Um novo método de classificação para as fraturas da extremidade distal do rádio – a classificação IDEAL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João Carlos Belloti

    2013-01-01

    Full Text Available OBJECTIVES: To describe the new IDEAL method from classifying distal radius fractures. METHODS: IDEAL classification system is based on the most important literature evidences about clinical and radiographic characteristics that influence in the treatment and prognosis for patients that suffered from a distal radius fractures. In this method, we classify the fracture in patients first consultation, in which we collect demographical (age and trauma energy and radiographic characteristics ( fracture deviation, articular fracture, and associated lesions. For each feature a score is attributed for grouping purposes. Group I - Stable fractures, good prognosis; Group II - potentially unstable fractures, commonly treated by surgical methods. Prognosis depends on surgeons' success after method choice. Group III - complex and instable fractures, poor outcome is expected. CONCLUSION: IDEAL classification staging rationale was presented, which is based on the best available evidence. The evidence of its scientific plausibility will be settled with the assessment of the classification reliability and its capacity to aid in therapeutical decisions and as a tool to predict prognosis. Further studies are under development to support these properties. OBJETIVOS: Descrição do método de Classificação IDEAL - para as fraturas da extremidade distal do rádio. MÉTODOS: O sistema de classificação IDEAL fundamenta-se nas principais evidências da literatura sobre fatores clínicos e radiográficos que influenciam o tratamento e prognóstico das fraturas do rádio distal. Classificamos as fraturas no atendimento inicial do paciente mediante a verificação de dois dados epidemiológicos e três dados radiográficos: Idade do paciente, energia do trauma, desvio dos fragmentos, incongruência articular e lesões associadas. RESULTADOS: Conforme a pontuação obtida, agrupamos os casos em três grupos: Grupo I - fraturas estáveis com bom prognóstico, Grupo II

  20. Avaliação da força de preensão e funcionalidade após fratura distal de rádio/Evaluation of strength and functionality after distal radius fracture

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bruno Goto Kimura

    2017-09-01

    Full Text Available Esse estudo teve objetivo avaliar se existe diferença em relação a força de preensão e funcionalidade de pacientes com fratura distal de rádio em relação ao gênero e ao tipo de tratamento (conservador e cirúrgico. Os pacientes recrutados para este estudo foram divididos em dois grupos, grupo de homens (G1 e grupo de mulheres (G2. Todos os voluntários realizaram uma única avaliação da força de preensão palmar e a avaliação funcional pelos questionários Disability of the Arm, Shoulder and Hand (DASH e Patient Rated Wrist Evaluation (PRWE.Os valores de força de preensão foram significativamente (p<0,000 menores no grupo de mulheres 5,42 (±3,42 e no tratamento conservador 5,20 (±4,91 quando comparados aos homens 16,01 (±6,86 e ao tratamento cirúrgico 12,28 (±7,56. Enquanto que os valores de incapacidade, avaliados pelos questionários DASH e PRWE, foram maiores no grupo de mulheres e pacientes que realizaram tratamento conservador, porém não foram encontradas diferenças significativas. As fraturas distais de rádio se não reabilitadas precocemente podem comprometer a amplitude de movimento, a força muscular, a precisão, a destreza e controle dos movimentos. Neste caso, os questionários de funcionalidade são um parâmetro importante que refletem o desempenho do indivíduo durante a realização de atividades de vida diária, sendo que quanto pior os escores, pior o desempenho e autonomia desses pacientes. Nesse estudo, podemos concluir que o gênero e o tipo de tratamento influenciaram na diminuição da força de preensão e na maior incapacidade funcional na avaliação inicial após 45 dias da fratura. AbstractThis study had the objective of evaluating whether there is a difference in the grip strength and functionality of patients with distal radius fracture in relation to gender and type of treatment (conservative and surgical. The patients recruited for this study were divided into two groups, group of men (G1

  1. Avaliação da qualidade de vida em pacientes idosos um ano após o tratamento cirúrgico de fraturas transtrocanterianas do fêmur Functional outcomes and quality of life one year after surgical management of trochanteric fractures

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernanda de Aquino Moraes Guimarães

    2011-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar o impacto que as fraturas transtrocanterianas produzem sobre a qualidade de vida de pacientes idosos, tratados cirurgicamente, durante o período de um ano de acompanhamento. MATERIAL E MÉTODO: Foram selecionados 73 idosos com fratura transtrocanterina, com idade igual ou superior a 65 anos de ambos os sexos. Foi aplicado questionário padronizado, para se obter informações quanto aos hábitos de vida, atividade física, funcionalidade, deambulação e estado cognitivo. Foram excluídos os óbitos ocorridos durante o estudo, pacientes que não deambulavam, com doenças neurológicas ou fraturas patológicas. RESULTADOS: A média de idade foi 80,17 ± 7,2, sendo 75% do sexo feminino. Ao comparar as somatórias das atividades de vida diária (p=0,04 e instrumentais da vida diária (p=0,004, obtidas na pré e pós-fratura, os pacientes tornaram-se mais dependentes pós-fratura. Atividades de vida diária que apresentaram piora pós-fratura foram: tomar banho (p=0,04, ir ao banheiro (p=0,02 e vestir-se (p=0,04. Todas as atividades instrumentais da vida diária apresentaram diferença significativa, apresentando maior dependência funcional pós-fratura, assim como aumento da necessidade de auxílio a deambulação (p=0,00002, idade avançada (p=0,01 e não realizar atividades domésticas (p=0,01. A baixa pontuação no teste Minimental estava associada com uma maior dependência para realizar as atividades da vida diária na pré-fratura (p=0,00002 e pós-fratura (p=0,01. CONCLUSÃO: Após um ano, as atividades de vida diária que dependiam dos membros inferiores pioraram significativamente, todas as atividades instrumentais de vida diária apresentaram piora significativa em mais de 50% dos pacientes e mais da metade dos pacientes que andavam sem apoio perderam esta capacidade.OBJECTIVE: Evaluate the impact that trochanteric hip fractures produce on life quality of elderly patients, treated surgically, during one year of

  2. Efeitos do carbonato de lodenafila na consolidaÃÃo de fraturas da diÃfise femoral de Ratos tratados com haste intramedular

    OpenAIRE

    Gisele FaÃanha Diogenes Teixeira

    2010-01-01

    O objetivo do estudo foi verificar os efeitos do carbonato de lodenafil no processo de consolidaÃÃo Ãssea nos fÃmures de ratos reduzidos com fio de Kirshner. Os fatores vasculares sÃo extremamente importantes para a formaÃÃo do calo Ãsseo. O carbonato de lodenafil causa efeitos vasodilatadores, pertence ao grupo dos inibidores da fosfodiesterase seletiva para o tipo 5 (PDE5), enzima que hidrolisa monofosfato de guanosina cÃclico (GMPc). O GMPc induz o relaxamento da musculatura lisa, sendo ut...

  3. Fratura de mandíbula: análise de 293 pacientes tratados no Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia Mandibular fracture: analysis of 293 patients treated in the Hospital of Clinics, Federal University of Uberlândia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lucas Gomes Patrocínio

    2005-10-01

    Full Text Available A fratura de mandíbula ocupa o segundo lugar entre as fraturas dos ossos da face, tendo havido aumento significativo de casos nos últimos anos. A não-identificação e o tratamento inadequado podem levar à deformidade estética ou funcional permanente. OBJETIVO: Avaliar os casos submetidos à redução de fratura de mandíbula no Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia, entre janeiro de 1974 e dezembro de 2002. FORMA DE ESTUDO: coorte historica. PACIENTES E MÉTODO: Duzentos e noventa e três pacientes foram submetidos à redução de fratura de mandíbula e retrospectivamente foram avaliados segundo fatores relacionados a: paciente, trauma, quadro clínico e tratamento cirúrgico. RESULTADOS: Houve uma clara tendência de aumento do número de fraturas de mandíbula ao longo dos anos. Houve um predomínio no sexo masculino (4:1, com pico de ocorrência entre 20 a 29 anos. As principais causas de fratura da mandíbula neste estudo foram acidentes de trânsito e violência, perfazendo juntas 72,4%. Cento e trinta e cinco pacientes apresentavam fratura única. Os sítios mais acometidos foram, em ordem decrescente, sínfise, côndilo, ângulo, corpo, ramo e processo coronóide. Foram realizadas redução incruenta (28, cruenta (213 e associação das duas (11 pacientes, sendo que 56,8% dos pacientes foram tratados nos primeiros 3 dias e 50,4% recebeu a alta hospitalar até o primeiro pós-operatório. Cerca de 10% dos pacientes apresentaram complicações, sendo osteomielite a mais freqüente. CONCLUSÃO: A incidência de fraturas de mandíbula foi marcadamente maior no sexo masculino, durante a terceira década de vida. A causa mais comum foi o acidente de trânsito e as regiões mais atingidas foram sínfise e côndilo. As fraturas isoladas de mandíbula ocorreram em mais de metade dos casos. A maioria dos pacientes foi tratada nos primeiros três dias e recebeu alta até o primeiro pós-operatório. A redução cruenta

  4. Correlação entre o momento da cirurgia e a ocorrência de complicações per-operatórias no tratamento das fraturas trocanterianas do fêmur Correlation between timing of surgery and the occurrence of perioperative complications in the treatment of trocantheric femoral fractures

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leonardo Barros Mascarenhas

    2011-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Estabelecer se há correlação entre o momento da cirurgia e a ocorrência de complicações intra e pós- operatórias no tratamento das fraturas trocanterianas do fêmur no idoso. MÉTODO: Estudo retrospectivo avaliando o histórico de 281 pacientes operados entre 2000 e 2009 no Hospital das Clinicas da FMRP-USP. As variáveis avaliadas foram: sexo, idade, data, mecanismo do trauma, momento da admissão, tipo da fratura, complicações pré e pós- operatórias, tempo entre o trauma e a cirurgia, horário e duração da cirurgia, implante utilizado, Tip Apex Distance (TAD, tempo de hospitalização, re-operações. De acordo com o horário da cirurgia os casos foram divididos em dois grupos: Horário Comercial (7:00 - 17:00 x Horário Plantão (17:01 - 6:59. RESULTADOS: Houve um predomínio de cirurgias no horário comercial, na proporção aproximada de 5:1. O intervalo de tempo médio entre a data do trauma e a cirurgia foi de três dias. Não houve diferença estatística entre os grupos (hora comercial x plantão relacionada ao TAD médio, tipo da fratura, implante, complicações sistêmicas e mortalidade em um ano. O tempo médio entre o trauma e a cirurgia foi três dias. CONCLUSÕES: Para pacientes que são admitidos ou operados com mais de 24 horas decorridas do trauma, o horário da cirurgia não se mostrou uma variável relevante, no que diz respeito à ocorrência de complicações per operatórias. Em nossa realidade, é preferível realizar a fixação destas fraturas em horário comercial, dispondo de completa infra-estrutura de recursos humanos e técnicos.OBJECTIVE: This study aimed to verify if there is any relationship between the time of surgery and per operative complications in the treatment of intertrochanteric femoral fractures. METHOD: The records of 281 patients operated between the years of 2000 and 2009 were evaluated retrospectively. The variables taken into account were sex, age, date and mechanism of

  5. Fraturas com arrancamento do anel apofisário ("limbus" póstero-superior da vértebra L5, associado com hérnia discal pré-marginal em atletas Avulsion fractures of apophysial ring ("limbus" posterior superior of the L5 vertebra, associated to pre-marginal hernia in athletes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eduardo Barros Puertas

    2002-03-01

    Full Text Available O aumento de adolescentes praticando esportes de forma cada vez mais competitiva tem causado o aumento de lesões relacionadas à prática desportiva. A dor lombar é uma queixa freqüente entre os atletas, geralmente relacionada a contraturas da musculatura paravertebral e fraturas ( espondilólise devido ao excesso de treinamento e aplicação de técnicas incorretas. Porém, outras etiologias podem causar a dor lombar, como processos infecciosos, tumorais e fraturas. As fraturas com arrancamento do anel apofisário são lesões incomuns e raramente ocorrem na região póstero-superior da vértebra L5. Os relatos da literatura mostram que o local mais acometido é a região póstero-inferior da vértebra L4. Apresentamos dois casos de atletas jovens com esta incomum lesão. O objetivo deste trabalho é discutir a possível etiologia, os melhores métodos para o diagnóstico e possíveis formas de tratamento desta patologia.The number of sport related injuries has raised as the increasing number of adolescents practicing competitive sports. Lumbar pain is a frequent complaint among young athletes. It is usually related to the contracture of paravertebral muscles and fractures (spondylolysis caused by excessive practicing and incorrect techniques. However, other etiologies can cause lumbar pain, such as infectious processes, tumor and fractures. Avulsion fractures of the apophysial ring are uncommon lesions which rarely happen in the posterior superior area of the L5 vertebra. The literature shows that the most susceptible place to injuries is the posterior inferior area of the L4 vertebra. This paper presents two cases of young athletes with this unusual lesion. The objective of this work is to discuss the possible etiology and the best diagnostic and treatment procedures for this pathology.

  6. Estudo comparativo da resistência à fratura de pré-molares superiores íntegros e restaurados com amálgama aderido Comparative study of the fracture resistance of sound upper premolars and upper premolars restored with bonded amalgam

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    André Marcelo Peruchi Minto

    2002-06-01

    Full Text Available No presente estudo avaliou-se, in vitro, a resistência à fratura de pré-molares superiores preparados com cavidades de classe II compostas (conservadoras e extensas restauradas com amálgama aderido a dois tipos diferentes de sistemas adesivos. Setenta dentes foram divididos em 4 grupos: grupo 1 ou controle com 10 dentes íntegros; grupo 2 com 20 dentes, sendo 10 cavidades conservadoras e 10 extensas restauradas com amálgama sem qualquer tipo de forramento. O grupo 3 e o grupo 4 foram compostos da mesma forma que o grupo 2, sendo que o primeiro recebeu cimento de ionômero de vidro (Vitrebond - 3M e o segundo, adesivo dental (Scotchbond Multi-Purpose Plus - 3M, antes de serem restaurados. Os dentes haviam sido incluídos anteriormente em cilindros de PVC e fixados com resina acrílica. Após serem restaurados e termociclados, foram submetidos à fratura por força de compressão em uma máquina universal de testes EMIC-MEM 2000. Após análise de variância e aplicação do teste complementar de Tukey, concluiu-se que os sistemas adesivos utilizados condicionaram o aumento da resistência à fratura da estrutura dental nas cavidades convencionais, sendo os dentes com cavidades conservadoras mais resistentes em qualquer condição experimental.The purpose of this in vitro study was to determine the fracture resistance of upper premolars which had received class II preparations (conservative and extensive and were restored with bonded amalgam, with two different adhesive systems. Seventy teeth were divided in four groups: group 1 (control, with ten sound teeth; group 2, with twenty prepared teeth (10 teeth received conservative cavities and 10, extensive cavities restored with amalgam without any kind of liner; groups 3 and 4, similar to group 2, though with linings of glass ionomer cement (Vitrebond - 3M (group 3 and dental adhesive (Scotchbond Multi-Purpose Plus - 3M (group 4. The teeth were previously fixed in PVC cylinders with acrylic

  7. Epidemiologia das fraturas zigomáticas: uma análise de 10 anos = Zygomatic fractures epidemiology: a 10-year-analysis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gondola, Abdiel Ortega

    2006-01-01

    Full Text Available Devido a sua localização e projeção no complexo maxilofacial, o osso zigomático apresenta elevado índice de fratura comparando-o às demais fraturas dos ossos da face. Estudos epidemiológicos sempre são de grande importância para o cirurgião BucoMaxiloFacial, pois fornecem dados pelos quais se pode traçar o perfil das fraturas faciais e analisar a efetividade dos métodos de tratamento empregados. No presente trabalho foi realizado um levantamento epidemiológico retrospectivo de 10 anos dos pacientes atendidos no Hospital Infantil Maria Lucinda que apresentavam fratura do complexo zigomático. A amostra foi composta por 153 pacientes portadores de fratura do complexo zigomático, onde foram analisados comparativamente os indicadores gênero, faixa etária, etiologia do trauma e localização topográfica da fratura. Os resultados obtidos mostraram o gênero masculino como o mais acometido (83,6%, a faixa etária de 21 a 40 anos (71,2% mais freqüente, tendo como causa principal a queda da própria altura (39,9% e o osso zigomático esquerdo como a localização mais afetada (49,7%

  8. FRATURA DO ARCO ZIGOMÁTICO NO PERÍODO DE CRESCIMENTO: ESTUDO EXPERIMENTAL EM RATOS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    GOULART Alan Cruvinel

    1998-01-01

    Full Text Available O comportamento da fratura do arco zigomático no período de crescimento foi avaliado através de mensurações cefalométricas. Fratura com desvio medial no lado direito foi realizada em ratos com um mês de idade. Foi verificada tendência de retorno do arco fraturado à sua posição original, porém, com diferença estatisticamente significante para a profundidade da fossa infratemporal. Entretanto, não houve diferença significante para a distância entre o arco zigomático e a mandíbula, o que pode ser explicado pela presença de desvio significante da mandíbula.

  9. Osteossíntese de fratura diafisária do úmero com placa em ponte: apresentação e descrição da técnica Osteosynthesis of the humeral shaft fractures, with bridge plate

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bruno Livani

    2004-06-01

    Full Text Available Os autores descrevem o método cirúrgico inédito para o tratamento das fraturas da diáfise do úmero, com placa colocada por técnica minimamente invasiva. Após estudos anatômicos, foram identificadas três acessos cirúrgicos pelos quais se pode introduzir uma placa na face anterior do úmero, sem risco de lesão vásculo nervosa. O acesso proximal se faz entre os múculos deltóide, lateralmente, e bíceps braquial, medialmente. Nas fraturas do terço médio o acesso distal é feito entre os músculos bíceps braquial e braquial com a placa introduzida de proximal para distal. Nas fraturas distais do úmero o acesso proximal é o mesmo, mas o acesso distal é o descrito por Kocher, com a placa introduzida de distal para proximal e fixada na face anterior da coluna lateral do úmero. O método aqui apresentado vem sendo utilizado desde junho de 2001, principalmente nos pacientes politraumatizados e polifraturados, por ser rápida, segura e por permitir que o paciente possa ser operado em decúbito dorsal horizontal. Além disso, não há necessidade de intensificador de imagem, ou mesmo aparelho de radiografia. Até o momento não foram observadas complicações vásculo nervosas nos 22 pacientes tratados.The authors describe for the first time ever a minimally invasive plate osteosythesis for the treatment of the humeral shatf fractures. After anatomic human cadaver's studies, it was identified three surgical approaches for plate percutaneous insertion on the anterior surface of the humerus without vascular and nervous injury. The proximal approach is between the biceps and deltoid muscles. The distal approach for medial third fractures is between the biceps brachialis and brachialis muscles. The plate is inserted from the proximal to distal direction. For distal fractures, the proximal approach is the same described by Krocher, with the plate inserted from distal to proximal and fixed on the anterior surface of the lateral column of the

  10. Resultados de tratamento cirúrgico da pseudoartrose de fratura diafisária do úmero com placa de compressão dinâmica e enxerto de osso esponjoso Results of surgical treatment of nonunion of humeral shaft fracture with dynamic compression plate and cancellous bone grafting

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Olasinde Anthony Ayotunde

    2012-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliamos o tratamento da pseudoartrose de fratura diafisária do úmero com placa de compressão dinâmica de janeiro de 2002 a dezembro de 2009. MÉTODOS: Vinte e dois pacientes foram tratados durante o período do estudo. O trauma foi a causa predominante de lesão em 86,4% dos pacientes. RESULTADOS: A pseudoartrose foi atrófica em 81,8% e hipertrófica em 18,2% dos indivíduos. Havia lesão primária do nervo radial nervo em 27,3% dos pacientes. Todos os participantes tinham fratura fechada à apresentação e 81,2% deles tinham recebido tratamento anterior de traditional bone setters (pessoa que faz a redução de ossos quebrados ou deslocados, geralmente sem ser médico licenciado e 18,8% tinham falha do tratamento conservador com gesso. O tempo médio até a união foi 16 semanas. O tratamento anterior com traditional bone setters afetou significantemente o tempo de consolidação da fratura (p OBJECTIVE: We evaluated the treatment of nonunion of humeral shaft fracture with dynamic compression plate from January 2002 to December 2009. METHODS: Twenty two patients were treated over the study period. Trauma was the predominant cause of injury in 86,4% of the patients. RESULTS: Nonunion was atrophic in 81,8% and hypertrophic in 18,2% of the individuals. There was a primary injury of the radial nerve in 27,3% of the patients. All the participants had closed fracture at presentation, and 81,2% had received previous treatment from traditional bone setters and 18,8% had failure of the conservative cast management.The average time to healing was 16 weeks. Previous treatment from traditional bone setters significantly affected the time to fracture healing (p<0,05. All fractures had successful union. CONCLUSION: It was concluded that dynamic compression plating remains an effective treatment option for nonunion of humeral shaft fracture. Level of Evidence III, Retrospective study.

  11. Biomecânica de quatro técnicas de fixação da fratura em quatro partes da cabeça umeral Biomechanics of four techniques for fixation of the four-part humeral head fracture

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elpídio da Graça

    2013-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Realizar um estudo biomecânico de quatro técnicas de fixação das fraturas em quatro partes da cabeça umeral. MÉTODOS: A fratura foi reproduzida em 40 úmeros plásticos, divididos em grupos de dez conforme a técnica de fixação, cada uma delas empregando diferentes recursos de fixação, em configurações distintas. Os modelos umerais foram montados em uma escápula de alumínio, com tiras de couro mimetizando os tendões do capuz rotador, e submetidos a ensaios de encurvamento e de torção em uma máquina universal de ensaios, usando a rigidez relativa como parâmetro de avaliação. Montagens com o úmero intacto foram analisadas para comparação. RESULTADOS: O comportamento biomecânico das técnicas de fixação variou dentro de uma ampla faixa, as montagens incluindo a placa DCP e os parafusos de 4,5mm de diâmetro sendo significantemente mais rígidos do que as montagens com os fios de Kirschner e os parafusos 3,5 mm de diâmetro. CONCLUSÃO: As quatro técnicas foram capazes de suportar cargas compatíveis com a demanda fisiológica, mas aquelas com a maior rigidez relativa devem ser as preferidas para finalidades clínicas. Trabalho experimental.OBJECTIVE: To carry out a biomechanical study of four techniques for fixation of four-part humeral head fractures. METHODS: The fracture was reproduced in 40 plastic humeri, divided into groups of ten according to the fixation technique, each one employing different fixation resources, in different configurations. The humeral models were mounted on an aluminum scapula, with leather straps simulating the rotator cuff tendons, and submitted to bending and torsion tests in a universal testing machine, using relative stiffness as an evaluation parameter. Assemblies with intact humeri were analyzed for comparison. RESULTS: The biomechanical behavior of the fixation techniques varied within a wide range, where the assemblies including the DCP plate and the 4.5mm diameter screws

  12. ANÁLISE CLÍNICA E HISTOLÓGICA DA UTILIZAÇÃO DA RESINA ACRÍLICA AUTOPOLIMERIZÁVEL NAS FRATURAS DE MANDÍBULA E MAXILA E SEPARAÇÃO DA SÍNFISE MENTONIANA EM CÃES E GATOS CLINICAL AND HISTOLOGICAL EVALUATION OF ACRYLIC RESIN IN THE FRACTURE OF THE MANDIBLE AND MAXILLA AND SEPARATION OF MANDIBULAR SYMPHISIS IN DOGS AND CATS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marco Antonio Gioso

    2001-04-01

    Full Text Available O trabalho foi desenvolvido em duas fases. A primeira constou de aplicação de resina acrílica autopolimerizável sobre dentes de cães experimentais, sem condicionamento ácido do esmalte dental; a gengiva foi analisada histologicamente nos períodos de um, três, sete, 14, 21 e 30 dias. A segunda fase foi conduzida em 20 cães e 10 gatos com fraturas do sistema estomatognático, atendidos no Ambulatório Central da FMVZ/USP. Nessa segunda fase, clínica, foi aplicado condicionamento ácido do esmalte. A resina era usada nas fraturas rostrais às raízes distais do primeiro molar inferior e do quarto pré-molar superior, bem como na separação da sínfise mentoniana. Os resultados da primeira fase mostraram que mesmo sem o condicionamento ácido houve aderência da resina acrílica sobre os dentes, embora houvesse necessidade de maior volume do material, o que provocou ulcerações dos tecidos moles da boca. Essa fase também evidenciou, à sondagem, que o epitélio de aderência sulcular permaneceu aderido, além de gengivite, ulceração da gengiva, língua e mucosa alveolar. A análise histológica revelou predominantemente ulceração dos tecidos em contato com a resina. Na segunda fase, todos os animais evidenciaram consolidação óssea das fraturas, além de gengivite e ulceração. Lesões periodontais foram encontradas em dois animais dos quais a resina foi removida tardiamente, com quatro e 12 meses após a aplicação, respectivamente. Em ambas as fases, os animais adaptaram-se bem à resina sobre os dentes.This paper was performed in two phases. In the first one, the stability of the acrylic resin over the teeth of dogs, without enamel acid conditioning, the clinical and histological reaction on the gingiva were analyzed in periods of 1, 3, 7, 14, 21 and 30 days. The second phase was conducted in 20 dogs and 10 cats, with acid etching technique. The resin was used in the rostral fractures to the distal roots of the lower first

  13. Avaliação do tratamento cirúrgico das fraturas da coluna toracolombar com material de terceira geração tipo fixador interno Evaluation of surgical treatment of fractures of thoracolumbar spine with third-generation material for internal fixation

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adalberto Bortoletto

    2011-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar o resultado funcional dos pacientes com fratura da coluna toracolombar cirúrgica. MÉTODO: Foi feito um estudo prospectivo incluindo 100 pacientes portadores de fratura da coluna vertebral nos segmentos torácico e lombar. As lesões foram classificadas conforme a sistemática da AO e os pacientes foram tratados com cirurgia. Avaliou-se a presença de cifose inicial e sua evolução após a intervenção cirúrgica, a presença de dor pós-operatória e sua evolução até 24 semanas do ato cirúrgico. Comparando nossos dados com a literatura. RESULTADOS: Analisados 100 pacientes cirúrgicos, sendo 37 do tipo A, 46 do tipo B e 17 do tipo C, observamos que os pacientes que se apresentavam com Frankel A mantiveram o quadro, porém, os pacientes com Frankel B ou mais, evoluíram com alguma melhora do quadro; a média da melhora da dor baseada na escala visual analógica (EVA foi acima de 4 pontos, e o retorno às atividades de rotina diária constatado em todos os pacientes, sendo que o retorno ao trabalho não foi considerado por nós como critério de avaliação. CONCLUSÃO: Apesar da controvérsia quanto à indicação da cirurgia nas fraturas da coluna, consideramos o método por nós utilizado como satisfatório, com bons resultados e baixo índice de complicações, porém mais estudos prospectivos e randomizados, com um seguimento mais longo, são necessários para uma avaliação deste tipo de fixação.OBJECTIVE: To evaluate the functional results from patients with surgical fractures in the thoracolumbar spine. METHOD: A prospective study including 100 patients with spinal fractures in the thoracic and lumbar segments was conducted. The lesions were classified in accordance with the AO system, and the patients were treated surgically. The presence of early kyphosis and its evolution after the surgical intervention, and the presence of postoperative pain and its evolution up to the 24th week after the surgery, were

  14. Análise clínica e biomecânica do efeito do diclofenaco sódico na consolidação da fratura da tíbia no rato Clinical and biomechanical analysis of the effect of diclofenac sodium in tibial fracture healing in rats

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sérgio Swain Müller

    2004-12-01

    Full Text Available Os AINH (Antiinflamatórios não hormonais são agentes utilizados na prática clínica que interferem no processo inflamatório pela inibição da síntese de prostaglandinas e tromboxanos. Alguns trabalhos experimentais investigaram sua ação no processo de consolidação de fraturas, por meio de estudos clínicos e histológicos, sendo escassas as análises biomecânicas. Nesse estudo foram utilizados 20 ratos da linhagem Wistar, divididos aleatoriamente em dois grupos iguais: grupo A (controle e grupo B (tratado com diclofenaco sódico. Em ambos os grupos foram realizadas fraturas abertas, após perfuração, na tíbia direita. A administração da droga foi via intramuscular, dose única diária, por 28 dias. Os animais foram pesados semanalmente. Após o sacrifício as tíbias foram dissecadas, pesadas e submetidas a ensaio biomecânico de flexão analisando-se carga máxima, deformação e coeficiente de rigidez. Observou-se que no grupo tratado com AINH não houve aumento do peso corpóreo a partir da segunda semana e as tíbias fraturadas foram mais pesadas. Neste grupo o calo ósseo suportou menor carga máxima, apresentando maior deformação e menor coeficiente de rigidez. Nos animais tratados, o osso não fraturado também se mostrou menos rígido. Concluiu-se, nas condições estudadas, que o DS alterou o processo de consolidação e o metabolismo ósseo, levando a retardo na maturação do calo e menor rigidez do osso intacto, respectivamente.The antinflammatories are agents utilized on clinical practice that interfere on inflammatory process by synthesis inhibition of prostaglandin and tromboxanes. Some experimental studies investigated their action on the fractures consolidation process, through clinical and histological studies, as the biomechanical analyses are scarce. In this study, 20 (twenty Wistar pedigree rats were used, aleatory divided into two groups: A group (control and B group (treated with diclofenac. In both

  15. Avaliação clínica e radiográfica da cifoplastia no tratamento das fraturas vertebrais por osteoporose Evaluación clínica y radiográfica de la cifoplastia en el tratamiento de las fracturas vertebrales por osteoporosis Clinical and radiological evaluation of kyphoplasty in the treatment of osteoporotic spinal fractures

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fábio Peres de Mendonça

    2010-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: analisar os resultados clínicos, radiológico e possíveis complicações de pacientes submetidos à cifoplastia no tratamento das fraturas por osteoporose dolorosas que não respondem ao tratamento conservador. MÉTODOS: foram avaliados 24 pacientes com fraturas osteoporóticas tratados através da cifoplastia. Destes, 19 (76% eram do sexo feminino e 5 (24% do masculino. A média de idade foi de 71,3 anos. A média de seguimento foi de 19 meses, variando de 3 a 29 meses. Os pacientes foram avaliados em relação à dor por meio da escala visual analógica (EVA no pré-operatório e no último dia de seguimento. Também foi realizada uma análise radiográfica na qual se comparou o ganho de altura do muro anterior (A, terço médio do corpo vertebral (M, muro posterior (P e ganho de cifose local (C. RESULTADOS: foram analisados 24 pacientes com 34 fraturas. Destes, 15 (62,5% apresentavam fratura única e 9 (37,5% apresentavam fraturas múltiplas. Dessas fraturas, 20 (58,8% eram na coluna torácica e 14 (42,2% lombares. A média do EVA no pré-operatório era de 9,3, passando para 3,2 no último seguimento (melhora de 6,1 pontos. O ganho médio de altura do corpo vertebral foi de 0,73 mm na porção anterior, 1,3 mm na porção média e 0,5 mm na porção posterior. A melhora da cifose foi, em média, de 1,32º - de 11,06º no pré para 12,4º no pós-operatório. Em relação a complicações, houve um caso de extravasamento do cimento para o espaço discal superior, assintomático e um caso de fratura do nível adjacente tratado com nova cifoplastia. CONCLUSÃO: a cifoplastia se mostrou uma técnica cirúrgica segura e efetiva para o tratamento da dor. Não foi observado ganho significativo da altura vertebral e da cifose vertebral.OBJETIVO: analizar los resultados clínicos, radiológicos y posibles complicaciones de pacientes sometidos a la cifoplastia en el tratamiento de las fracturas por osteoporosis dolorosas que no responden

  16. Cifoplastia no tratamento da fratura vertebral por insuficiência: avaliação funcional prospectiva Cifoplastia en el tratamiento de la fractura vertebral por insuficiencia: evaluación funcional prospectiva Kyphoplasty in the treatment of vertebral compression fracture: prospective functional evaluation

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bartolomeu Ribeiro Coutinho Filho

    2011-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar o resultado funcional e o grau de satisfação do tratamento cirúrgico utilizando cifoplastia em pacientes com fratura vertebral por insuficiência localizada na coluna tóraco-lombar. MÉTODOS: Foi realizado um estudo prospectivo em pacientes adultos, com diagnóstico de fratura vertebral por insuficiência com evolução superior a oito semanas, apresentando dor no local da fratura e edema ósseo evidente ao exame de RM. A avaliação funcional foi realizada através do Oswestry Disability Index 2.0 e da Escala Visual Analógica de Dor no pré- e pós-operatório. A satisfação pessoal com o tratamento foi quantificada pela escala de Johnson. RESULTADOS: Houve melhora significativa da dor com uma queda média de 6.4 pontos na Escala Visual Analógica de Dor ao final de doze meses de seguimento em comparação ao período pré-operatório (p OBJETIVO: Evaluar el resultado funcional y el grado de satisfacción del tratamiento quirúrgico mediante cifoplastia en pacientes con fractura vertebral debido a la insuficiencia situada en la columna toracolumbar. MÉTODOS: Se realizó un estudio prospectivo en pacientes adultos, con diagnóstico de fractura vertebral por insuficiencia, con tiempo de evolución de más de ocho semanas, con dolor en el sitio de la fractura y edema óseo evidente por resonancia magnética. La evaluación funcional se realizó mediante el Índice de Incapacidad de Oswestry 2.0 y la Escala Analógica Visual del Dolor antes y después de la operación. La satisfacción personal con el tratamiento fue medida por la escala de Johnson. RESULTADOS: Una mejora significativa en el dolor con una caída promedio de 6,4 puntos en la escala visual analógica del dolor al final de doce meses de seguimiento, en comparación con el período preoperatorio (p OBJECTIVE: To evaluate the functional outcome and degree of satisfaction of surgical treatment using kyphoplasty in patients with vertebral compression fractures

  17. Tratamento cirúrgico da fratura-avulsão da inserção tibial do L.C.P. do joelho: experiência de 21 casos Surgical treatment of avulsion fractures of the knee PCL tibial insertion: experience with 21 cases

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sérgio Rocha Piedade

    2007-01-01

    Full Text Available Avaliamos 21 pacientes, sendo 16 pacientes do sexo masculino e 5 do feminino, com idade média de 30 anos, foram submetidos à tratamento cirúrgico da fratura-avulsão do LCP. Em 57% dos casos a lesão foi secundária a acidente motociclístico e 19% a acidente automobilístico. Em 72% dos casos foi identificada uma lesão na face anterior do joelho. O tratamento cirúrgico consistiu na abordagem posterior do joelho e fixação do fragmento ósseo com parafuso e arruela em 18 casos; e amarrilhas trans-ósseas em 3 casos, onde o fragmento ósseo era muito pequeno. Em 91% dos casos, a cirurgia foi realizada dentro dos primeiros 15 dias apos a lesão. Os pacientes foram avaliados objetivamente (teste de gaveta posterior e subjetivamente (Escala de Lysholm, apos um seguimento pós-operatório mínimo de 12 meses. A análise estatística não mostrou diferença significativa, ao nível de 5%, entre as avaliações objetiva e subjetiva. A ausência de lesão ligamentar periférica pode ter contribuído para que os resultados clínicos pós-operatórios tenham avaliação subjetiva satisfatória; entretanto, a presença de uma posteriorização tibial residual sugere que a fratura-avulsão do ligamento cruzado posterior deve ser abordada não como uma lesão óssea pura, mas sim, como uma lesão ósteo-ligamentar.We assessed 21 patients (16 males and 5 females, with mean age of 30 years who underwent surgical treatment for PCL avulsion fracture. In 57% of the cases, injuries were secondary to motorcycle accidents and 19% resulted from car accidents. Injuries on knee's anterior surface were detected in 72% of the cases. The surgical procedure involved posterior approach and bone fragment fixation using nut and screw in 18 cases, the trans-bone suture loop fixation in 3 cases with small bone fragments. In 91% of the cases, surgery was performed within the first two weeks following injury. The patients were objectively (posterior drawer test and

  18. Biomechanical analysis of titanium plate systems in mandibular condyle fractures: a systematized literature review Análise biomecânica de sistemas de placas de titânio em fraturas de côndilo mandibular: uma revisão sistematizada da literatura

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fábio Wildson Gurgel Costa

    2012-06-01

    Full Text Available PURPOSE: To conduct a systematized review of the literature about the main methodologies used to evaluate the biomechanical fixation systems with titanium plates in fractures of the mandibular condyle. METHODS: A systematized review of literature was performed in the electronic databases PubMed, EMBASE, LILACS and MEDLINE without restriction of the publication date. The eligibility criteria were laboratory studies involving mandibular condyle fractures, studies using titanium plates, biomechanical studies, in vitro and computational studies involving the finite element method (FEM. RESULTS: Eleven articles that met the eligibility criteria were selected, including seven articles involving in vitro studies and four studies with biomechanical analysis by using FEM. CONCLUSION: Although few articles have used the finite element method, the results of in vitro studies were similar to those found in computational studies, regarding to the stable use of two titanium miniplates.OBJETIVO: Realizar uma revisão sistematizada da literatura sobre as principais metodologias empregadas na avaliação biomecânica de sistemas de fixação com placas de titânio em fraturas de côndilo mandibular. MÉTODOS: Foi realizada uma revisão sistematizada da literatura nas bases de dados eletrônicas PubMed, EMBASE, LILACS e MEDLINE sem restrição quanto à data de publicação. Os critérios de elegibilidade foram estudos laboratoriais envolvendo fraturas de côndilo mandibular, estudos utilizando placas de titânio, estudos biomecânicos, estudos in vitro e estudos computacionais envolvendo o método de elementos finitos (MEF. RESULTADOS: Foram selecionados 11 artigos que se enquadraram nos critérios de elegibilidade, incluindo sete artigos envolvendo estudos in vitro e quatro utilizando análise biomecânica através do MEF. CONCLUSÃO: Embora poucos artigos tenham utilizado o método de elementos finitos, os resultados das pesquisas in vitro assemelham-se aos

  19. Estudo biomecânico da fixação pedicular curta na fratura-explosão toracolombar Estudio biomecánico de fijación pedicular corta en la fracturaexplosión toracolumbar Biomechanical evaluation of short-segment fixation for thoracolumbar burst-fractures

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcos André Sonagli

    2011-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Comparar a rigidez biomecânica entre a coluna toracolombar intacta, a coluna com fratura explosão e a coluna com fratura explosão associada à fixação pedicular curta em suínos. MÉTODOS: 30 amostras de coluna toracolombar (T11-L3 de suínos foram divididas em três grupos com 10 amostras cada. O Grupo 1 representava a coluna intacta, o Grupo 2 representava a coluna com fratura explosão e o Grupo 3 a fratura explosão associada à fixação pedicular curta. Foi realizado o corte ósseo em "V" do terço médio do corpo vertebral comprometendo a coluna anterior e média de L1 para simular a fratura explosão. No Grupo 3 foi realizada a fixação pedicular com Pinos de Schanz. Os grupos foram submetidos ao teste biomecânico em compressão axial controlada. Os parâmetros de carga (N e deslocamento (mm eram gerados em um gráfico instantâneo e a rigidez (N/mm foi determinada. O teste era interrompido quando ocorria uma queda súbita na curva no gráfico indicando falência da amostra. RESULTADOS: A rigidez das colunas fraturadas foi 53% menor do que a rigidez das colunas intactas, sendo essa diferença estatisticamente significativa (p OBJETIVO: Comparar la rigidez biomecánica entre la columna toracolumbar intacta, la columna con fractura-explosión y la columna con fractura-explosión asociada a la fijación pedicular corta en cerdos. MÉTODOS: 30 muestras de columna toracolumbar (T11-L3 de cerdos fueron divididas en tres grupos con 10 muestras cada una. El Grupo 1 representaba la columna intacta, el Grupo 2 representaba la columna con fractura-explosión y el Grupo 3 la fractura-explosión asociada a la fijación pedicular corta. Fue realizado el corte óseo en "V" del 1/3 medio del cuerpo vertebral, comprometiendo la columna anterior y media de L1, para simular la fractura-explosión. En el Grupo 3 fue realizada la fijación pedicular con pernos de Schanz. Los Grupos fueron sometidos al test biomecánico en compresión axial

  20. Study of the difference in rectal and ear canal temperature according to the conformation of the acoustic conch in dogsEstudo da diferença das temperaturas retal e do canal auditivo de acordo com a conformação da concha acústica em cães

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eduardo Negri Mueller

    2012-10-01

    Full Text Available The auditory thermometry has being used for measurement of temperature of dogs. However there is different acoustic conch conformation in this species, being that the pendulous ears can alter the auditory microclimate. This research aimed to study the difference of rectal and auditory canal temperatures according to acoustic conch conformation in dogs. One hundred and eleven dogs were used with erect ears (group I, semi-pendulous (group II and pendulous (group II with 37 animals each group. The measurement of rectal temperature (TR was realized with traditional thermometer mercury column and measurement of both external ears temperature with infrared ear thermometer. The average hearing temperature (TAM was obtained and realized difference between TR and TAM, being the results classify in scores, A=TAMA termometria auditiva vem sendo utilizada para mensuração da temperatura em cães. Porém, existem diferentes conformações da concha acústica nesta espécie, sendo que orelhas pendulares podem alterar o microclima auditivo. Portanto, objetivou-se estudar a diferença das temperaturas retal e do canal auditivo de acordo com a conformação da concha acústica em cães. Foram utilizados 111 cães hígidos com orelhas ereta (grupo I, semipendular (grupo II e pendular (grupo III com 37 animais cada. A aferição da temperatura retal (TR foi realizada com termômetro tradicional coluna de mercúrio e aferição da temperatura de ambas as orelhas externas com termômetro auricular infravermelho. Foi obtida temperatura auditiva média (TAM e realizada diferença entre TR e TAM, sendo os resultados classificados em escores, A=TAMda TAM foi 37,15ºC±0,81, enquanto que a da TR foi 38,68ºC±0,59. A diferença média entre TAM e TR foi 1,53ºC±0,75. Setenta e uma orelhas (63,96% foram classificadas no escore B e 40 (36,04% no escore A. A média da TAM foi 37,17°C±0,85, 37,35°C±0,50 e 36

  1. 2011 Las Conchas Post Fire Center Index

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — This data set consists of photo centers of raw aerial images representing multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas...

  2. Análise isocinética e cinética de corredores e triatletas com e sem histórico de fratura por estresse

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Natália Mariana Silva Luna

    2015-08-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: A associação da fadiga muscular com o aumento da força vertical de reação do solo representa risco de fratura por estresse de tíbia em esportes como a corrida de longa distância e o triatlo. Objetivo: Analisar e comparar parâmetros do componente vertical das forças de reação do solo e parâmetros musculares isocinéticos da flexão plantar (FP e dorsiflexão (DF do tornozelo entre grupos de corredores de longa distância e triatletas com e sem histórico de fratura por estresse de tíbia.MÉTODOS: Setenta e cinco atletas de corrida de longa distância e triatletas do sexo masculino, com média de idade de 30,26 ± 6,51 anos foram divididos de acordo com a história pregressa de fratura por estresse de tíbia em: grupo fratura (GF, composto por 12 indivíduos com história de fratura por estresse da tíbia, e grupo não-fratura (GNF, composto por 37 indivíduos sem história de fratura por estresse de tíbia. Os parâmetros cinéticos foram medidos durante a corrida por meio de uma plataforma de força AMTI, e os parâmetros isocinéticos por meio de dinamômetro isocinético Biodex (System 3.RESULTADOS: Para todas as variáveis isocinéticas e cinéticas, não houve diferenças entre GF e GNF.CONCLUSÃO: Ainda que não se tenha identificado uma diferença de desempenho entre os grupos estudados, o perfil cinético (impacto e isocinético (atividade muscular mostra que o treinamento da corrida com déficits em cuidados com a condição muscular e o controle de fatores extrínsecos pode criar uma situação de risco de ocorrência de fraturas por estresse.

  3. Avaliação prospectiva da evolução clínica, radiográfica e funcional do tratamento das fraturas trocantéricas instáveis do fêmur com haste cefalomedular Prospective assessment of the clinical, radiographic and functional evolution of treatment for unstable trochanteric fractures of the femur using a cephalomedullary nail

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Richard Armelin Borger

    2011-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar, durante um ano de seguimento pós-operatório, a evolução clínica, radiográfica e funcional das fraturas trocantéricas instáveis do fêmur submetidas à osteossíntese com haste cefalomedular. MÉTODOS: Foram avaliados 14 homens e 23 mulheres com idade média de 77,7 anos, 27 destes com fraturas AO/ASIF 31A2 e 10, 31A3. Os pacientes foram avaliados clinicamente, radiograficamente e funcionalmente com uma semana, duas semanas, um mês, dois meses, seis meses e um ano de pós-operatório. RESULTADOS: Nas complicações clínicas, verificaram-se cinco casos de óbito, um caso de úlcera de calcâneo, um caso de obstrução arterial aguda e dois casos de trombose venosa profunda. Na avaliação radiográfica, o ângulo cervicodiafisário médio no pós-operatório imediato foi de 132,5°. O índice ponta-ápice médio foi de 22,8mm. Após um ano, o ângulo cervicodiafisário médio foi de 131,7. A consolidação da fratura foi verificada em todos os pacientes após seis meses de pós-operatório, exceto em um caso que apresentou cut out. Não houve casos de fratura abaixo do implante. A avaliação funcional através do escore de Harris após um ano apresentou uma média de 69,3 pontos. A avaliação da progressão da marcha identificou que, após um ano, 40,6% dos pacientes apresentavam a mesma capacidade de deambulação prévia. Através da escala visual analógica de dor, identificamos diminuição importante das queixas álgicas, passando de 5,19 com uma semana para 2,25 após um ano. CONCLUSÃO: A osteossíntese com haste cefalomedular resultou em baixas complicações clínicas, mecânicas e resultados funcionais adequados.OBJECTIVE: To assess the clinical, radiological and functional evolution of osteosynthesis using a cephalomedullary nail, in unstable trochanteric fractures of the femur, over a one-year postoperative follow-up. METHODS: Fourteen men and 23 women of mean age 77.7 years were evaluated. Twenty -seven

  4. Tratamento das fraturas do processo odontóide Treatment of odontoid fractures

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pedro Augusto Pontin

    2011-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Este artigo faz a avaliação retrospectiva clínica e radiológica das fraturas do odontóide de 20 pacientes atendidos no IOT-HCFMUSP, durante o período de 2004-2010. MÉTODOS: Foi realizado a estratificação destas fraturas segundo sua classificação (AO/Anderson e D'Alonzo, perfil epidemiológico, tipo de tratamento, tempo de consolidação e complicações. RESULTADOS: Observou-se maior número de casos da fratura do odontóide em pacientes do sexo masculino (4:1, com idade entre 3ª e 4ª década de vida (60%, vítimas de quedas de altura (60% e acidentes automobilísticos (25% como principais mecanismos de trauma, e 15% dos casos apresentaram-se com déficit neurológico. A fraturas do odontóide de maior prevalência foram as do tipo II (55%, seguidas pelas fraturas do tipo III (40%. Os tratamentos mais empregados nas fraturas do tipo II e III foram, respectivamente, o cirúrgico (73% e conservador (87,5%. A consolidação ocorreu em até 16 semanas para 87,5% dos casos de tratamento cirúrgico e para 54,5% dos tratados conservadoramente. Não houve casos de pseudoartrose. CONCLUSÃO: O tratamento cirúrgico das fraturas do odontóide do tipo II apresentou resultados satisfatórios em relação ao tempo consolidação e baixa incidência de complicações, bem como o tratamento conservador destinado às fraturas do tipo III.Nivel de Evidência IV, série de casos.OBJECTIVE: This article describes a clinical and radiologic retrospective analysis of odontoid fractures in20 patients accompanied byThe IOT-HCFMUSP,from 2004 to 2010. METHODS: These fractures were stratified according to their classification (AO/Anderson andD'Alonzo, epidemiologic profile, type of treatment, time to consolidation of the fracture, and complications. RESULTS: It was observed that there was a higher number of odontoid fractures in males (4:1, between the third and fourth decades of life (60%, and that the main causes of the trauma were falling from

  5. Tratamento cirúrgico das fraturas do odontóide tipo II com parafuso anterior: análise de 15 casos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Dantas Fernando Luiz Rolemberg

    2002-01-01

    Full Text Available Apresentamos estudo retrospectivo dos resultados de 15 pacientes consecutivos, com fratura do odontóide tipo II P (fratura com traço oblíquo e deslocamento posterior e II N (fratura com traço horizontal na base do odontóide, segundo a classificação de Roy-Camille , que foram submetidos a fixação anterior direta do odontóide com parafuso. A série é composta por 13 homens e 2 mulheres, com idade variando entre 14 a 74 anos e período de acompanhamento de 6 a 36 meses (média 20 meses. Tivemos apenas uma complicação relacionada com a técnica cirúrgica: um parafuso mal posicionado necessitando de uma reoperação para ser reposicionado. Não houve óbito. Não houve saída nem quebra de parafuso. Obteve-se 94% de fusão óssea. Propomos que seja utilizada a classificação de Roy-Camille na seleção dos casos cirúrgicos de fraturas do odontóide, pois ela fornece uma abordagem cirúrgica específica para cada tipo de fratura.

  6. Concha headphones and their coupling to the ear

    DEFF Research Database (Denmark)

    Blanchard, Lola Justine Kydia Olivia; Agerkvist, Finn T.

    2009-01-01

    The purpose of the study is to obtain a better understanding of concha headphone. Concha headphones are the small types of earpiece that are placed in the concha. They are not sealed to the ear and therefore, there is a leak between the earpiece and the ear. This leak is the reason why...

  7. Diferenças sazonais de quedas e fraturas em idosos gaúchos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Iride Cristofoli Caberlon

    2015-12-01

    Full Text Available Resumo Quedas e fraturas em pessoas idosas representam um problema relevante de saúde pública. Ambas vêm associadas a elevados índices de morbimortalidade, redução da capacidade funcional, institucionalização do idoso e óbito precoce. O objetivo deste estudo foi investigar quedas e fraturas em idosos, residentes em municípios da região metropolitana e serra gaúcha do Rio Grande do Sul, analisando fatores associados, sazonalidade e gravidade. Trata-se de estudo transversal, retrospectivo, descritivo-analítico, quantitativo, com dados secundários, em idosos atendidos por queda entre primeiro de janeiro a 31 de dezembro de 2010, em unidades de Atendimento de Urgência e Emergência do SUS. A amostra foi de 6.556 idosos atendidos por queda, dos quais 71% eram mulheres, 26,8% dos atendimentos ocorreram no inverno, 30% dos que caíram fraturaram, sendo 32% em mulheres contra 28% em homens (p < 0,0001. O local da queda foi registrado somente em 17,2% dos boletins, sendo 58% fora do domicílio. O inverno foi a estação do ano com 34% de fraturas confirmadas (p = 0,0002, sendo 26,3% com gravidade severa. Como a maioria das quedas e suas consequências podem ser prevenidas e evitadas, urge criar programas e ações multifatoriais de intervenção.

  8. Caracterização Mecânica de Compósitos de Poliamida/Fibra de Carbono Via Ensaios de Cisalhamento Interlaminar e de Mecânica da Fratura Mechanical Characterization of Polyamide/Carbon Fiber Composites by Using Interlaminar Shear Strength and Fracture Mechanical Tests

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edson C. Botelho

    2002-01-01

    Full Text Available Compósitos termoplásticos a partir de poliamidas 6 e 6,6 e tecido de fibras de carbono com 40, 50 e 60 % em volume de reforço foram processados via moldagem por compressão a quente e caracterizados por ensaios mecânicos destrutivos (cisalhamento interlaminar em três pontos (short-beam, cisalhamento interlaminar por compressão (CST e ensaios de mecânica da fratura e por inspeção não-destrutiva (ultra-som e microscopias óptica e eletrônica de varredura. Os resultados obtidos mostraram que os compósitos termoplásticos processados apresentaram uma distribuição homogênea do polímero no reforço. Entretanto, nos compósitos com maior quantidade de poliamida (40 % de reforço foram observadas regiões ricas em matriz entre as camadas de tecido. Os ensaios de mecânica da fratura (DCB e ENF e de cisalhamento interlaminar em três pontos não apresentaram falha interlaminar, não sendo observada a propagação de trincas de forma homogênea e retilínea no interior do material. Em função destes resultados foi utilizado o ensaio de cisalhamento por compressão, desenvolvido no Institute of Polymer Research Dresden da Alemanha, que permitiu uma caracterização mais precisa dos compósitos termoplásticos estudados. Foi observado também, a partir dos ensaios de CST, que os compósitos obtidos da poliamida 6,6 apresentaram um aumento no valor do cisalhamento interlaminar de até 20 % com o aumento do volume de fibras.Thermoplastics composites of polyamide 6 and 6.6 reinforced with carbon fiber fabric were obtained by compression molding and characterized by destructive (short-beam, compression shear (CST and fracture mechanics testing as well as by non-destructive inspection (ultrasound analysis, optical and scanning electron microscopy. The results show that, in general, the matrix was homogeneously distributed about the reinforcing fabric. However, for the composites with higher polyamide content (>50% matrix-rich regions were

  9. Estudo retrospectivo de radiografias com fraturas rádio e ulna em cães

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Robson Fortes Giglio

    2007-12-01

    Full Text Available Foram analisadas 528 radiografias simples de fraturas de rádio e ulna do arquivo do Serviço de Diagnostico por Imagem do Departamento de Cirurgia junto ao Hospital Veterinário da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da Universidade de São Paulo realizadas no período de julho de 1999 a dezembro de 2005, selecionando-se os meses para análise de forma randomizada. Os principais resultados encontrados foram: Fraturas de rádio e ulna representam 20,9% do total encontradas, destas o tipo mais observado foi a transversal, tanto no rádio (75,5% quanto na ulna (76,6%. 87,1% das fraturas acometeram o rádio e a ulna. O terço distal foi o mais acometido foi o distal, tanto do rádio quanto da ulna (72,9% e 70,1%, respectivamente. Esquírolas ósseas foram observadas em 13,8% e desvio de eixo ósseo em 94,9% dos casos. 40,2% dos cães não possuíam raça definida. 34,3% dos cães possuíam idade entre seis meses a um ano.

  10. Correlação da aferição manual e digital da distância interespinhosa pelo método de newmann em fraturas toracolombares do tipo explosão Correlación entre calibrado manual y digital de la distancia interespinhosa por el método de neumann en fracturas toracolombares tipo explosión Correlation between manual and digital measurement of inter-spinous dis tance by neumann method in burst thoracolumbar fracture

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João Paulo Machado Bergamaschi

    2011-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar a correlação entre a aferição manual e digital da distância interespinhosa pelo método de Neumann em fraturas toracolombares do tipo explosão, bem como a reprodutibilidade das duas técnicas. MÉTODOS: Foram avaliadas 212 radiografias de pacientes com fratura toracolombar do tipo explosão, sendo 160 do sexo masculino e 52 do sexo feminino. A idade média dos pacientes no tempo da fratura foi de 38,9 anos (variando de 12 a 76 anos. RESULTADOS: O coeficiente de Pearson, quando comparados os valores percentuais manuais e digitais da relação da distância interespinhosa do nível da vértebra fraturada e dos níveis adjacentes, foi de 0,95 (pOBJETIVO: El objetivo de este estudio es analizar la correlación entre calibrado manual y digital de la distancia interespinhosa por el método de Neumann en fracturas toracolombares tipo explosión, así como la reproducibilidad de los dos técnicas. MÉTODOS: Radiografías fueron evaluados 212 pacientes con fractura toracolombar tipo explosión, 160 hombres y 52 mujeres. La edad promedio de los pacientes en el momento de fractura fue 38.9 años (que van desde 12 a 76 años. RESULTADOS: El coeficiente de Pearson, cuando se comparan valores porcentuales digital y manuales de la relación de distancia interespinhosa el nivel de la vértebra fraturada y niveles adyacentes, fue 0.95 (pOBJECTIVE: The aim of this study is to analyze the correlation between the manual and digital inter-spinous distance by the Neumann method in burst thoracolumbar fracture, as well as the reproducibility of these two techniques. METHODS: We evaluated 212 x-rays of patients with burst thoracolumbar fracture. There were 60 male and 52 female. The average age at the time of the fracture was 38,9 years (12 - 76 years. RESULTS: The Pearson' coefficient between manual and digital analyses was 0,95 (p<0,01. The agreement coefficient of manual and digital measurements was 0,97 and 0,93, respectively. CONCLUSION

  11. Perfil funcional, sociodemográfico e epidemiológico de idosos hospitalizados por fratura proximal de fêmur

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Danielle Ferreira Santana

    2015-05-01

    Full Text Available A fratura proximal de fêmur (FPF está relacionada a altos índices de morbidade e a grande impacto sobre a capacidade funcional do idoso. O objetivo do estudo foi traçar o perfil funcional de pacientes idosos hospitalizados por FPF, analisando os tipos de fraturas, o mecanismo causal, e as características físicas e funcionais prévias ao evento. Trata-se de um estudo do tipo observacional, quantitativo, de corte transversal, cujos participantes eram pacientes hospitalizados por FPF. Foi utilizada uma Ficha de Registro para coletar os dados sociodemográficos. O grau de independência funcional e a capacidade de marcha prévia à FPF foram avaliados respectivamente pelo Índice de Barthel, o Questionário de Pfeffer e a Classificação Funcional da Marcha Modificada. A amostra foi constituída por 32 idosos com média de idade de 79 (± 9,5 anos e uma predominância do sexo feminino (71,8%, de cor parda (43,8% e baixa escolaridade. A maioria não morava sozinho e faziam uso de algum medicamento. Os idosos participantes, previamente à fratura, eram independentes para as atividades básicas da vida diária (ABVD, dependentes para as atividades instrumentais da vida diária (AIVD e não utilizam dispositivos para locomoção. A queda foi a principal causa da FPF, sendo as mais prevalentes a fratura de colo de fêmur (FCF e a fratura transtrocantérica (FTT. As comorbidades, os medicamentos, os fatores sociodemográficos, o deficit de marcha e a dependência funcional, podem estar associados à ocorrência de FPF em idosos.  

  12. Avaliação de sensibilidade objetiva versus sensibilidade subjetiva após fraturas de zigoma

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jean Francisco KIPPER

    Full Text Available Resumo Introdução Cirurgiões bucomaxilofaciais frequentemente tratam fraturas do complexo zigomaticofacial e, com isso, os sinais e sintomas auxiliam o profissional a estabelecer o diagnóstico e a conduta frente a cada caso. A presença de alteração de sensibilidade é um sintoma frequente neste tipo de trauma. Objetivo Avaliar comparativamente a presença e as alterações de sensibilidade subjetiva e sensibilidade objetiva após fraturas de zigoma. Metodologia Foram selecionados 14 pacientes com fraturas unilaterais de zigoma. A sensibilidade subjetiva foi avaliada por meio de um questionário e a sensibilidade objetiva, mensurada por meio do monofilamento de Semmes-Weinstein. Resultado Os resultados mostraram alteração de sensibilidade em 13 pacientes (92,84%; destes, oito pacientes (57,13% apresentaram alterações de ordem subjetiva e dez (71,42%, de ordem objetiva. Alterações concomitantes de sensibilidade subjetiva e sensibilidade objetiva foram encontradas em cinco pacientes (35,71%. Afetados exclusivamente por um tipo de alteração de sensibilidade somaram oito pacientes (57,13%; destes, cinco pacientes (35,71% apresentaram somente alterações objetivas e três pacientes (21,42%, apenas alterações subjetivas. A única queixa de sensibilidade subjetiva encontrada foi a hipoestesia, com sete casos (50%. Conclusão As alterações de sensibilidade são frequentemente encontradas após fraturas de zigoma, existindo uma forte correlação entre a perda da percepção subjetiva e a perda da sensibilidade objetiva; porém, ocorre predominância de alterações de ordem objetiva.

  13. Evaluation of fracture resistance of endodontically treated teeth restored with prefabricated posts and composites with varying quantities of remaining coronal tooth structure Avaliação da resistência à fratura de dentes tratados endodonticamente restaurados com pinos pré-fabricados e resinas compostas variando o remanescente dentário coronal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Murilo Pereira de Melo

    2005-06-01

    remanescente dentário coronal de 3mm e restaurado com Z-250; Grupo III - sem remanescente dentário coronal e restaurado com Enforce Core; Grupo IV - sem remanescente dentário coronal e restaurado com Z-250. Após restaurados, os dentes foram levados a uma Máquina de Ensaio Universal e submetidos a uma força de compressão à 45º até que ocorresse fratura da restauração. A análise dos resultados (ANOVA, p>0,05 mostrou não haver diferença estatisticamente significativa entre os dentes com e sem remanescente dentário coronal. Com relação ao material utilizado para o preenchimento coronário, constatou-se diferença significativa, sendo que os valores mais elevados de resistência à fratura foram encontrados no grupo restaurado com a resina fotopolimerizável.

  14. CARACTERÍSTICAS CLÍNICAS E PADRÃO DE FRATURAS NO MOMENTO DO DIAGNÓSTICO DE OSTEOGÊNESE IMPERFEITA EM CRIANÇAS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Evelise Brizola

    Full Text Available RESUMO Objetivo: Caracterizar o padrão de fraturas e a história clínica no momento do diagnóstico de osteogênese imperfeita. Métodos: Neste estudo retrospectivo, foram incluídos todos os pacientes com osteogênese imperfeita de ambos os sexos, com idades entre 0 e 18 anos, que realizaram tratamento entre 2002 e 2014. Os prontuários médicos foram revisados para coleta de dados clínicos, incluindo presença de escleras azuladas, dentinogênese imperfeita, história familiar positiva para a doença e locais das fraturas, além de achados radiográficos no momento do diagnóstico. Resultados: Foram incluídos no estudo 76 pacientes (42 do sexo feminino, com idade, no momento do diagnóstico, entre 0 e 114 meses [mediana (p25-p75 de idade de 38 (6-96 meses]. Escleras azuladas estavam presentes em 93,4% dos pacientes, dentinogênese imperfeita foi observada em 27,6% e ossos wormianos em 29,4%. O número de fraturas ao diagnóstico variou entre 0 e 17, com uma mediana de 3 (2-8 fraturas. Em 40 (57% pacientes, as fraturas eram de membros superiores e inferiores no momento do diagnóstico e, em 9 pacientes também havia fratura vertebral. O diagnóstico foi realizado ao nascimento em 85,7% dos pacientes com o tipo 3 e em 39,3% daqueles com tipo 4/5 da doença. Conclusões: Osteogênese imperfeita é uma doença genética com características clínicas distintas, tais como fragilidade óssea, fraturas recorrentes, escleras azuladas e dentinogênese imperfeita. É importante saber identificar essas características, facilitando o diagnóstico, otimizando o tratamento e diferenciando de outras doenças que também podem causar fraturas.

  15. Redução fechada e fixação esquelética externa tipo I para tratamento de fraturas de tibiotarso em pombos domésticos (Columba livia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alievi M.M.

    2002-01-01

    Full Text Available Estudaram-se a redução fechada e a fixação esquelética externa tipo I para o tratamento de fraturas de tibiotarso em 10 pombos domésticos (Columba livia adultos. As aves foram anestesiadas com a associação de xilazina e cetamina e em seguida foi realizada fratura do tibiotarso direito por pressão digital sobre a diáfise do membro. Quatro pinos de Kirschner, dois proximais e dois distais à linha da fratura, foram inseridos percutaneamente através de ambas as corticais ósseas e, após redução fechada da fratura, conectados externamente por uma barra de acrílico autopolimerizável na face lateral do membro. Em três aves foi observado radiograficamente desvio ósseo angular, porém, a função do membro não foi afetada. O tempo médio e o desvio-padrão para a cicatrização óssea foram 23,4± 3,0 dias. Os resultados demonstram que a redução fechada e a aplicação de fixador esquelético externo tipo I é um método efetivo para o tratamento de fraturas de tibiotarso em pombos domésticos (Columba livia.

  16. Fatores predisponentes para infecção em pacientes portadores de fraturas expostas e criação de escore

    OpenAIRE

    Lima, Lucynara Gomes

    2013-01-01

    Os principais objetivos do tratamento ortopédico das fraturas expostas são a prevenção de infecção, estabilização da lesão óssea e restauração da função do membro. A prevenção da infecção, entretanto, representa a principal medida para que os outros objetivos possam ser alcançados. Objetivo. Identificar os fatores de risco associados à infecção em pacientes acometidos por fraturas expostas, utilizando a força de associação destes fatores para propor um escore que possibilite a estratificação ...

  17. Avaliação da reação periodontal na técnica de colagem extra-alveolar de fraturas radiculares verticais simuladas: estudo histológico

    OpenAIRE

    González Hernández, Pedro Antonio [UNESP

    2005-01-01

    Este estudo teve como objetivo verificar a resposta histológica que ocorre no periodonto de inserção após o reimplante de dentes que foram tratados através da técnica de colagem radicular extra-alveolar. Foram selecionados 16 primeiros pré-molares maxilares e mandibulares de cães (s.r.d), divididos em dois grupos de observação: 21 dias e 90 dias. Sob anestesia geral, os dentes foram extraídos utilizando a técnica primeira de exodontia. Com auxílio de um disco de diamante de dupla face foi rea...

  18. Fratura de órbita por queda de cavalo e correção de estrabismo Orbit fracture by horse fall and strabismus correction

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Abelardo de Souza Couto Junior

    2010-06-01

    Full Text Available Descreve-se uma paciente com fratura orbitária grave causada por queda de cavalo. Relato do seu tratamento cirúrgico com correção do estrabismo e tentativa de correção da enoftamia.Description of a patient with orbital fracture cause by a horse fall. Follow-up the surgical treatment of the strabismus and the enophtlamos.

  19. Demência como fator de risco para fraturas graves em idosos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carvalho Aline de Mesquita

    2002-01-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: As quedas entre pessoas idosas constituem importante problema de saúde pública devido à sua alta incidência, às complicações para a saúde e aos altos custos assistenciais. O estudo realizado visa a estimar a associação entre demência e ocorrência de quedas e fraturas entre idosos. MÉTODOS: Foi conduzido estudo caso-controle de 404 indivíduos com 60 ou mais anos de idade, da cidade do Rio de Janeiro, Brasil. Casos e controles foram pareados por idade, sexo e hospital. Os dados foram coletados por meio de entrevista estruturada com os idosos. Foram considerados portadores de quadro demencial idosos cuja pontuação no questionário BOAS fosse superior a dois. Foram obtidos odds ratios (OR ajustados por fatores potenciais de confusão, utilizando-se regressão logística condicional. RESULTADOS: As quedas distribuíram-se igualmente entre os períodos da manhã, tarde e noite, havendo uma redução em sua freqüência durante a madrugada. Acidentaram-se dentro de casa 78% dos idosos com demência, contra 55% daqueles sem essa doença. O OR não-ajustado para a associação entre demência e fratura grave foi de 2,0 (IC95%, 1,23-3,25. Após o ajuste por fatores de confusão, houve uma pequena redução dessa associação (OR=1,82, 1,03-3,23. CONCLUSÃO: Idosos com quadro demencial apresentam maior risco de caírem e ser hospitalizados por fratura do que idosos sem demência. Tal fato implica a necessidade de cuidados especiais com esses indivíduos, visando a minimizar o risco desses acidentes.

  20. Fixação pedicular percutânea de fraturas vertebrais toracolombares sem compromisso neurológico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luís Miguel Pinheiro da Silva

    2013-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a eficácia e a segurança da fixação pedicular percutânea em fraturas toraco-lombares, sem compromisso neurológico. MÉTODOS: Foram incluídos no estudo os pacientes com idade compreendida entre os 18 e 70 anos com fratura toracolombar AO tipo (A.3, cifose> 30º ou redução da altura do corpo vertebral> 50% ou compressão do canal vertebral >50% que foram submetidos a tratamento cirúrgico com fixação pedicular percutânea. Foram avaliados os parâmetros radiológicos: ângulo de Cobb, colapso vertebral, acunhamento anterior e compressão do canal vertebral no pré-operatório, pós-operatório e no fim do seguimento. O resultado funcional e clínico foi avaliado pelo Oswestry Disability Index (ODI. RESULTADOS: O tempo operatório médio foi de 81 minutos (Mín. 69, Máx. 95 min. O volume médio de perda sanguínea intraoperatória foi de 85 ml (Mín. 75 e Máx. 155 ml. O seguimento médio foi de sete meses (Min. três meses, Máx. 14 meses. Apresentaram um ODI médio final de 18% (excelente. CONCLUSÕES: Os resultados clínicos sugerem que a fixação pedicular percutânea pode ser uma técnica cirúrgica alternativa para o tratamento das fraturas toracolombares AO tipo (A.3, sem défices neurológicos. Esta técnica demonstrou ser eficaz e segura, apresentando as vantagens de uma abordagem minimamente invasiva.

  1. Concha nasal média secundária: relato de caso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bruna de Oliveira Melim Aburjeli

    2012-12-01

    Full Text Available A concha nasal média secundária é uma rara variação anatômica na cavidade nasal, descrita pela primeira vez por Khanobthamchai et al. como uma estrutura óssea revestida por partes moles originária da parede lateral do meato médio. Na maioria dos casos relatados na literatura ocorre bilateralmente, sem complicações associadas. Neste artigo descrevemos um caso encontrado em nosso serviço, com tal variação anatômica incomum.

  2. Facial fractures: a 1-year retrospective study in a hospital in Belo Horizonte Fraturas de face: um estudo retrospectivo de 1 ano em um hospital de Belo Horizonte

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bruno Ramos Chrcanovic

    2004-12-01

    Full Text Available A retrospective study was performed to assess facial fractures in patients treated at a public hospital in Belo Horizonte, in 2000. The data collected included age, gender, etiology, distribution of maxillofacial trauma considering day of the week and month, anatomic site of the fracture, and treatment. The analyses involved descriptive statistics and chi-squared test, Bonferroni test and analysis of variance. A total of 1,326 facial fractures were found in 911 patients. Most fractures occurred in adults with age ranging from 21 to 30 years. Men were more affected than women, with a male-female ratio of 4.69:1. Accidents causing facial fractures occurred predominantly on weekends. Bicycle and motorcycle accidents were the major cause of trauma, followed by interpersonal violence, automobile accidents, and falls. When the relation between the gender and the etiology of facial fractures was analyzed, a significant relation was noted between these variables (p Um estudo retrospectivo foi realizado para avaliar fraturas faciais em pacientes atendidos no ano de 2000 em um hospital público de Belo Horizonte. As informações coletadas incluíam idade, sexo, etiologia, distribuição do trauma de acordo com o dia da semana e o mês, o local anatômico da fratura e o tratamento. As análises envolveram estatísticas descritivas, teste qui-quadrado, teste Bonferroni e análise de variância. Foram encontradas 1.326 fraturas de face em 911 pacientes. A maioria das fraturas ocorreu em adultos na faixa etária de 21 a 30 anos. Os homens foram mais acometidos do que as mulheres, numa proporção homem:mulher de 4,69:1. Os traumas causadores de fraturas faciais ocorreram predominantemente nos fins de semana. Os acidentes de moto e bicicleta foram a maior causa de trauma, seguidos por violência interpessoal, acidentes automobilísticos e quedas. Quando analisada a relação entre o gênero e a etiologia das fraturas de face, observou-se uma associa

  3. Successful pipeline installation for Parque das Conchas development; Subsea installation

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Bartz, Cesar

    2010-07-01

    Subsea 7 has successfully delivered again in Brazilian deep-waters. The subsea engineering and construction company has recently completed pipeline installation activities for the Parque das Conchas (BC-10) development, offshore Brazil. (AG)

  4. Epidemiologia das fraturas de face em crianças num pronto-socorro de uma metrópole tropical Epidemiology of children's facial fractures in the emergency room of a tropical metropolis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniel Falbo Martins de Souza

    2010-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Realizar um estudo epidemiológico das fraturas de face em crianças em um serviço de urgência. MÉTODOS: Estudo retrospectivo de quarenta e dois pacientes com idades variando entre zero a 17 anos, portadores de fraturas de face, tratados no Setor de Cirurgia Buco-Maxilo-Facial da Santa Casa de São Paulo, no período de janeiro de 2000 a dezembro de 2003. Os dados foram tabulados através das informações colhidas dos prontuários dos pacientes, tais como: idade, gênero, tipo de fratura, etiologia e sazonalidade. RESULTADOS: Entre os resultados encontrados, houve predominância do gênero masculino com 81% da casuística, a fratura de mandíbula foi a mais prevalente, com mais de 70% dos casos, os acidentes de trânsito e as quedas foram os agentes etiológicos que mais causaram fraturas. O verão foi a época do ano com mais casos de fratura e mais de 80% destas necessitaram de intervenção cirúrgica para o seu tratamento. CONCLUSÃO: É necessária uma política de prevenção com uma atenção especial aos acidentes de trânsito e às quedas, que foram os agentes etiológicos que mais causaram fraturas faciais.OBJECTIVE: To conduct an epidemiological study of facial fractures in children in an emergency room. METHODS: A retrospective study of forty-two patients, aged zero to 17 years, with facial fractures treated at the Department of Oral and Maxillofacial Surgery, Santa Casa de São Paulo, from January 2000 to December 2003. The data were tabulated from information retrieved from patient files, such as age, gender, type of fracture, etiology and season of occurrence. RESULTS: Among the results were a predominance of males, accounting for 81% of all cases; jaw fracture was the most prevalent, constituting more than 70% of cases; and traffic accidents and falls were the etiologic agents that caused the most fractures. Summer was the season with the greatest number of cases of fracture and more than 80% required surgical

  5. Concha Bullosa Mucopyocele: a Case Report

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kamran Sari

    2016-03-01

    Full Text Available Concha bullosa (CB is among the most common anatomic variations of sinonasal anatomy. Although usually asymptomatic, CB can occasionally cause nasal obstruction or headache. Obstructions within the mucociliary transport system can develop into a mucocele or mucopyocele. A 48-year-old female, with a history of progressive headache and nasal obstruction, was referred to our department. Paranasal sinus tomography revealed a nasal mass in the left nasal cavity resembling a mucopyocele in the middle turbinate. Under general anesthesia, the purulent material was aspirated, and the lateral part of the left turbinate was resected. Mucopyoceles are common within the paranasal sinuses, but uncommon with CB; thus, they should be considered in patients with a large hyperemic nasal mass.

  6. Evolution of Brazilian elderly with hip fracture secondary to a fall Evolução de idosos brasileiros com fratura de colo de femur secundária à queda

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosamaria Garcia

    2006-01-01

    Full Text Available OBJECTIVE: To contribute to fall prevention by studying the epidemiological profile, mortality, and functional evolution of elderly persons with hip fracture, in Brazil, in the year following a fracture. METHOD: Fifty-six elderly patients aged 60 years and over with hip fracture secondary to a fall and admitted in 2000 were included. In addition to the medical record data, patients or their guardians filled a form providing information regarding personal data, history of fall and fracture, physical evaluation, and ability to perform basic and instrumental activities of daily living prior to and 1 year after their fracture, using Katz's Index and Lawton's Index, respectively. RESULTS: Fractures were more common among Caucasian widowed women, and most falls occurred at home. General mortality within 1 year after the occurrence of fracture was 30.35% and was associated with sex and age. There was an increase in the inability to walk and in the use of a supporting device. A significant reduction in the functional ability to perform basic and instrumental activities of daily living was found. CONCLUSION: The evolution of hip fracture in the year following it is related to high mortality and to a decrease in functional ability, with age and male sex being the factors associated with a worse prognosis, emphasizing the need for special follow-up care of these groups during the immediate and late postoperative periods.OBJETIVO: Estudar o perfil epidemiológico, mortalidade e a evolução funcional, no primeiro ano após a fratura, de idosos com fratura de quadril visando a contribuir para a prevenção de quedas. CASUÍSTICA E MÉTODO: Foram estudados 56 pacientes idosos, com 60 anos ou mais, com fratura de quadril decorrente de queda, internados em 2000. Alem dos dados de prontuário, os pacientes ou responsáveis responderam a um questionário, fornecendo informações sobre os dados pessoais, história da queda e da fratura, avaliação física e da

  7. Síndrome compartimental pós-fratura de platô tibial

    OpenAIRE

    Pitta,Guilherme Benjamin Brandão; Santos,Thays Fernanda Avelino dos; Santos,Fernanda Thaysa Avelino dos; Costa Filho,Edelson Moreira da

    2014-01-01

    As fraturas de platô tibial são relativamente raras e representam, aproximadamente, 1,2% de todas as fraturas. A tíbia, por sua localização subcutânea e pobre cobertura muscular, está exposta a sofrer grandes quantidades de traumatismos, que não são somente fraturas, mas também lesões por achatamento, contusões severas, entre outras que, em um determinado momento, podem causar no enfermo a síndrome compartimental. É relatad...

  8. Estudo da biomecânica oclusal e da aderência da resina acrílica auto-polimerizável (polimetilmetacrilato em fraturas de rinoteca de tucanos (Ramphastos toco Study of the occlusion biomechanics and adherence of acrylic resin (polimetilmetacrilate in fractures of rhinotheca in toucans (Ramphastos toco

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roberto Silveira Fecchio

    2008-07-01

    Full Text Available Esforço de tração foi aplicado perpendicularmente ao eixo do bico e para realização do ensaio foi utilizado um dinamômetro. O bico íntegro fraturou quando submetido a uma tração de 270,40 N, com deslocamento de 22,59mm. Para a fixação dos bicos fraturados foi utilizada resina acrílica e a área compreendeu uma faixa com 2,0 cm de largura. O segundo bico ensaiado apresentou resistência até 69.75 N. O bico submetido a condicionamento ácido resistiu a uma força de 63,29 N. Outros dois novos ensaios foram realizados, preenchendo-se toda a superfície da rinoteca. Aquele não submetido ao condicionamento ácido resistiu até 134,40 N e, aquele submetido ao condicionamento ácido, resistiu até 101,50 N. No presente trabalho não se observou correlação estatística e, conseqüentemente, diferença entre os procedimentos com utilização prévia de condicionamento ácido e aqueles sem a utilização do mesmo.Traction effort was applied perpendicularly to the axis of toucan beaks and for accomplishment of the essay a dynamometer was used. The beak was completely fractured when submitted to traction of 270.40 N. For fixation of the fractured beaks acrylic resin was applied using a strip of 2.0cm of width. The second beak presented resistance up to 69.75 N. The third beak was submitted to acid conditioning and resisted to force of 63.29 N. Other two new tests were accomplished the whole surface of the rhinotheca filled out. The fourth beak was not submitted to the acid attack and it resisted up to 134.40 N, and the fifth was submitted to the acid etch and it resisted up to 101.50 N. The present work did not observe statistical correlation and, consequently, differences among the procedures with previous use of acid attack and those without the use of the same.

  9. Pseudo-aneurisma de artéria subclávia pós fratura de clavícula: relato de caso

    OpenAIRE

    ROSÁRIO, Ricardo Costa Val; RIOS, Adriana Vaggiani; FIGUEIREDO JÚNIOR, Fernando de Assis; CHRISTO, Sérgio Figueiredo Campos; SIMÃO FILHO, Charles; CHRISTO, Marcelo Campos

    1997-01-01

    Os autores descrevem a formação de um pseudo-aneurisma de artéria subclávia esquerda após trauma contuso seguido de fratura de clavícula esquerda. Comentários e uma breve revisão da literatura são mencionadosThe authors describe the left subclavian artery pseudo-aneurysm formation after blunt trauma followed by left clavicular fracture. Comments and a brief review of the literature are also mentioned.

  10. Terapêutica interdisciplinar para fratura cominutiva de côndilo por projétil de arma de fogo: enfoque miofuncional

    OpenAIRE

    Bianchini,Esther Mandelbaum Gonçalves; Moraes,Rogério Bonfante; Nazario,Daniella; Luz,João Gualberto de Cerqueira

    2010-01-01

    TEMA: ferimentos causados por projéteis de arma de fogo apresentam alta incidência na região da cabeça e face. A articulação temporomandibular pode estar envolvida, além de estruturas anatômicas importantes como o nervo facial, necessitando de equipe multidisciplinar para efetuar tratamento adequado. PROCEDIMENTOS: apresentação de caso clínico de fratura condilar cominutiva causada por projétil de arma de fogo tratado de forma não-cirúrgica associado à terapia miofuncional orofacial. Paciente...

  11. Pinos transcorticais e gesso associados à aplicação local de plasma rico em plaquetas no tratamento de fratura do III metatarsiano em potro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcos Jun Watanabe

    2015-03-01

    Full Text Available Em potros até um ano de idade, as fraturas do III osso metacarpiano (McIII ou III metatarsiano (MtIII são principalmente atribuídas ao trauma. A redução aberta e a imobilização do foco com implantes constituem o tratamento cirúrgico recomendado. Uma potra com três meses de idade e 150kg, da raça Quarto de Milha, que apresentava umafratura diafisária multifragmentar em cunha do MtIII direito foi submetida à osteossíntese através datransfixação externa e gesso, associada com a aplicação intralesional deplasma rico em plaquetas (PRP. Após dois anos do tratamento, o animal iniciou programa de treinamento para corrida e, após seis meses do treinamento, correu o primeiro páreo oficial. A escolha dos métodos terapêuticos para o tratamento de fraturas em equinos deve ser baseada naquela que promova reparação precoce e de melhor qualidade, com menores riscos de complicações. Sendo assim, a associação terapêutica adotada foi considerada favorável, já que possibilitou o completo reestabelecimento da locomoção da paciente, podendo inclusive competir na sua modalidade esportiva

  12. Importância da realização de radiografias em posição ortostática na avaliação inicial de pacientes com fraturas toracolombares Importancia de la realización de radiografías en posición ortostática en la evaluación inicial de pacientes con fracturas toraco-lumbares Importance of performing weight-bearing radiographs in the initial evaluation of patients with thoracolumbar fractures

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rogério Lúcio Chaves de Resende

    2010-03-01

    Full Text Available OBJETIVO: o manejo das fraturas toracolombares estáveis é controverso, especialmente em pacientes sem déficit funcional. Este estudo questiona o motivo de ser realizada uma avaliação das imagens apenas na posição supina, uma vez que, paradoxalmente, o tratamento conservador inclui o ortostatismo precoce. O propósito deste estudo é determinar se a realização de radiografias em posição ortostática influencia na definição do tratamento dos pacientes com fraturas torácicas e lombares classificadas como tipo "A" da AO-ASIF. MÉTODOS: de janeiro de 2007 a novembro de 2008, foram avaliados pacientes portadores de fraturas torácicas e lombares por meio de radiografias em decúbito e tomografia computadorizada, visando identificar sinais de instabilidade. As fraturas classificadas radiograficamente como tipo "A" da AO-ASIF, inicialmente por tratamento conservador, foram submetidas à realização de radiografias em ortostatismo sem o colete ortótico na fase aguda e seus parâmetros radiológicos foram reavaliados. RESULTADOS: foram incluídos neste estudo 59 pacientes com fraturas toracolombares estáveis (T11 a L4, e todos toleraram o exame. A cifose vertebral aumentou 46,8%. O colapso anterior aumentou 15,52%. Três destes pacientes (5,1% receberam a indicação cirúrgica após radiografias em ortostatismo por apresentarem critérios de instabilidade. CONCLUSÕES: a realização das radiografias em ortostatismo mostrou-se eficiente na identificação de pacientes com instabilidade ainda não manifesta e capaz de predizer a evolução satisfatória durante o tratamento conservador, além de ser um exame diagnóstico seguro, de fácil aplicabilidade e com baixo custo. Neste estudo, um total de 5,1% dos pacientes tiveram seu tratamento conservador alterado para o cirúrgico.OBJETIVO: el manejo de las fracturas toraco-lumbares estables es controvertido, especialmente en pacientes sin déficit funcional. Este estudio cuestiona el motivo

  13. Fratura supracondiliana do fêmur durante salto após reconstrução artroscópica do ligamento cruzado anterior Supracondylar emur fracture during jump after anterior cruciate ligament arthroscopic reconstruction

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Thiago Yukio Fukuda

    2009-04-01

    Full Text Available CONTEXTUALIZAÇÃO: A fratura distal do fêmur é uma das possíveis complicações no período pós-operatório de reconstrução de LCA, porém, de incidência rara. RELATO DE CASO: Descreve-se o caso de um atleta de 34 anos, gênero masculino, no quinto mês de pós-operatório de reconstrução de LCA. O caso evoluía normalmente de acordo com o protocolo estabelecido; o paciente apresentava bom controle e estabilidade sensoriomotora, quando sofreu fratura supracondiliana do fêmur ao realizar um salto durante atendimento fisioterápico. A reconstrução ligamentar foi realizada com enxerto dos músculos flexores do joelho e a fratura, ocasionada posteriormente, reduzida e fixada com placa e parafuso. Dez meses após a redução aberta e fixação interna da fratura, apresenta função regular na escala Lysholm, amplitude de movimento normal e força muscular grau V em flexores e extensores da coxa. DISCUSSÃO: Poucos relatos de caso semelhantes ao presente foram encontrados na literatura; a maioria apresentou fratura do fêmur após a reconstrução do LCA com tendão patelar. Este caso mostra-se relevante pela associação da fratura supracondiliana do fêmur com reconstrução ligamentar com tendões dos flexores, visto que apenas um trabalho seguiu tal direção. Dentre as prováveis causas dessa fratura, destacam-se uma fragilidade óssea por desuso e túnel ósseo femoral de diâmetro maior que o padrão, apesar de não haver consenso em relação a essas alterações. Uma hipótese sugerida pelos autores deste relato é de que o túnel ósseo de fixação do enxerto pode ter sido um intensificador de estresse sobre o local da fratura.BACKGROUND: Distal femoral fracture is one of the possible complications on the post operative period of the ACL reconstruction; however, with rare incidence. CASE REPORT: This study reports a male 34 year-old athlete, five months after ACL reconstruction surgery. The case developed normally in accordance

  14. Osteorradionecrose resultando em fratura patológica de mandíbula: relato de caso clínico = Osteoradionecrosis resulting in pathological fracture of jaw: relate of clinical case

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gomes, Ana Claudia Amorim

    2007-01-01

    Full Text Available Introdução: A osteorradionecrose (ORN é uma severa complicação da radioterapia em pacientes portadores de câncer de cabeça e pescoço. Dependendo da localização e extensão da lesão osteorradionecrótica, pode trazer sinais e sintomas como dor, odor fétido, disgeusia, disestesia ou anestesia, trismo, dificuldade de mastigação, deglutição e fonação, formação de fístula, fratura patológica e infecção local ou sistêmica. Objetivo: O presente trabalho teve como objetivo relatar um caso clínico de um paciente portador de osteorradionecrose em corpo mandibular, com presença de infecção, e que resultou em fratura patológica mandibular. Desenvolvimento do caso: Foram realizados esquemas rigorosos de antibioticoterapia, associados a oxigenoterapia hiperbárica para permitir o tratamento da fratura mandibular com fixação interna rígida, após o tratamento da infecção secundária, na intenção de eliminar a osteorradionecrose, a qual no caso em questão houve reparação e ausência de qualquer sinal clínico radiográfico de recidiva, num acompanhamento de um ano de pós-operatório. Conclusão: Diante da severidade da doença, esgotadas as possibilidades conservadoras e diante de uma necessidade cirúrgica pela fratura patológica, pôde-se observar que o uso da oxigenoterapia hiperbárica resultou em uma satisfatória cicatrização da ferida cirúrgica, bem como a manutenção da saúde dos tecidos no caso em questão

  15. Surgical Repair of an Olecranon Fracture in a Horse / Reparação Cirúrgica de Fratura de Olécrano em Eqüino

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Josmari Pirolo

    2010-04-01

    Full Text Available Olecranon fractures are frequently encountered in horses especially in foals. External trauma due to kicks or falls is the most common cause of the fracture. Treatment modalities of olecranon fractures including prolonged stall rest and surgical reconstruction of the different types of fractures have been proposed with different outcomes. This article describes a successful surgical reconstruction of an olecranon fracture in an adult horse repaired with a dynamic compression plate. The horse regained complete soundness and performed his job normally for additional 7 years. Information regarding the history, clinical signs, diagnosis, surgical treatment and long-term prognosis is discussed and compared with the current literature.As fraturas de olécrano ocorrem freqüentemente em eqüinos, especialmente em potros jovens. A causa mais comum da fratura relaciona-se ao trauma externo originado, principalmente, por coices ou quedas. Modalidades distintas de tratamento incluindo o repouso prolongado ou a reparação cirúrgica dos variados tipos de fratura têm sido executadas com diferentes resultados. Este trabalho tem por objetivo a descrição de um caso de fratura de olécrano em um eqüino adulto reparada cirurgicamente por meio de placa e parafusos ortopédicos. O animal apresentou recuperação plena da função locomotora desempenhando normalmente suas funções por mais 7 anos. Informações relativas ao histórico, sinais clínicos, diagnóstico, tratamento cirúrgico e prognóstico são discutidas e comparadas com a literatura.

  16. Mucopyocele of the concha bullosa presenting as a large nasal mass.

    Science.gov (United States)

    Abdel-Aziz, Mosaad

    2011-05-01

    Concha bullosa that is a pneumatization of the middle turbinate is a common anatomic variant; the obstruction of its ostium may lead to mucocele and even pyocele after infection of retained secretion. Although the condition is rare, mucopyocele of concha bullosa may be presented as a large nasal mass. However, the diagnosis could be suspected from its characteristic radiologic signs. We present an adolescent boy with mucopyocele of the concha bullosa.

  17. A Morphometric Study of Auricular Concha in the Population of Young Chinese Adults

    OpenAIRE

    Zhu, Zhaohua; Ji, Xiaomin; Gao, Zhu; Hu, Gang

    2017-01-01

    SUMMARY: A detailed data of concha is currently not available. Therefore, the present study aimed to determine twelve morphometric measurements of concha, to investigate its sexual dimorphism and bilateral asymmetry, and to establish basic shapes of concha for both sexes and sides. The study sample comprised of 310 young Chinese aged 18-28 years. 141 left and 141 right ear impressions for females, 169 left and 169 right ear impressions for males were collected and scanned. The 3D coordinates ...

  18. Composição corporal de pacientes acamados por fraturas do quadril Body composition in bed-ridden adult patients by hip fracture

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francisco José Berral

    2008-01-01

    Full Text Available As fraturas do quadril são a maior causa de hospitalização da terceira idade, e constituem um considerável encargo econômico e social. A taxa de mortalidade atual após um ano de fratura é acima de 33%, e o risco de morte é maior do quarto ao sexto mês após a fratura. O objetivo deste estudo foi de avaliar alterações na composição corporal de pacientes idosos, durante sua hospitalização por fraturas fêmur proximal, através de métodos antropométricos e análise dos valores fisiológicos de gasto energético. Foi realizado um estudo prospectivo utilizando-se 45 pacientes consecutivos com diagnóstico de fratura do quadril. Em todos os casos, foram obtidas medidas diretas e avaliações antropométricas indiretas baseadas em estimativas, nas primeiras 24 horas e repetidas após uma semana de admissão hospitalar. Após uma semana de internação houve diminuição da média do perímetro do braço (0,73 cm, p=0.0052 e da espessura da prega tricipital (1.41 mm, p=0.0181, sem haver modificação das outras variáveis estudadas. A avaliação antropométrica como um meio de se fazer um mapa da composição corporal, em conjunto com as estimativas indiretas sugeridas neste estudo, podem ajudar a determinar o estado nutricional e necessidades calóricas de pacientes idosos.Hip fractures are a major cause of hospitalization among the elderly, and constitute a considerable social and economic burden. The current mortality rate one year after hip fracture is over 33%, the risk of death is greatest 4 to 6 months after fracture. The objective of this study was to use anthropometric methods and physiological energy-expenditure values to assess changes in body composition during hospitalization, in elderly patients admitted for fractures of the proximal femur. A prospective study was performed using a consecutive sequence of 45 patients with diagnosed hip fracture. In all cases, direct measurements and indirect estimate-based anthropometric

  19. Fraturas do fêmur proximal no idoso: estudo de custo da doença sob a perspectiva de um hospital público no Rio de Janeiro, Brasil Hip fractures in the elderly: cost of illness study in a public hospital perspective, Rio de Janeiro, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roberta Arinelli Fernandes

    2011-01-01

    Full Text Available O artigo visa a estimar o custo direto médico do tratamento hospitalar de pacientes idosos com fraturas de fêmur proximal, no Hospital Municipal Lourenço Jorge, na cidade do Rio de Janeiro. Estudo observacional, prospectivo, para estimar a utilização de recursos e custos diretos médicos associados à hospitalização por fratura de fêmur proximal em idosos, em 2007 e 2008, sob a perspectiva do prestador de serviços. Foi utilizado um instrumento de coleta de dados através do qual foram registrados recursos identificados na revisão prospectiva dos prontuários. Aos recursos utilizados foram atribuídos custos em reais (R$ baseando-se em valores do ano 2010. Foram realizadas análises descritivas dos custos e utilização de recursos, bem como avaliada a associação de variáveis clínicas e demográficas com o custo final observado. Foram incluídos 82 pacientes, 81,7% do sexo feminino, idade média de 76,96 anos, hospitalização média de 12,66 dias. A mediana de custo por paciente foi de R$ 3.064,76 (IC95%: 2.817,63 a 3.463,98. Hospitalização clínica e procedimento cirúrgico foram responsáveis por 65,61% e 24,94% dos custos, respectivamente. Pacientes submetidos ao tratamento cirúrgico até o quarto dia de hospitalização apresentaram mediana de custos menor do que pacientes submetidos após o quarto dia (R$ 2.136,31 e R$ 3.281,45, pThis paper aims to assess direct medical costs associated to hospital treatment of hip fractures in the elderly in the Municipal Hospital Lourenço Jorge (HMLJ, Rio de Janeiro. Observational, prospective study to assess resource utilization and direct medical costs associated to elderly hip fracture hospitalization in 2007 and 2008, under the health care provider perspective. A standard data collection instrument was used to register identified resources during prospective medical charts review. The resource utilization was converted into Brazilian Real (R$, based on 2010 prices. Descriptive

  20. GESSO SINTÉTICO E PINOS TRANSCORTICAIS NA REDUÇÃO DE FRATURA DE TÍBIA EM UMA BEZERRA FIBERGLASS CAST AND TRANSCORTICAL PINS IN TIBIAL FRACTURE REDUCTION IN A CALF

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edivaldo Aparecido Nunes Martins

    2001-02-01

    Full Text Available Relata-se um caso de fratura de tíbia em uma bezerra de sete meses de idade, 200kg de peso, apresentando fratura fechada, cominutiva em diáfise. A fixação externa foi preferida como método de imobilização óssea, utilizando-se pinos transcorticais e gesso sintético. Obteve-se eficiente imobilização da fratura, com rápida recuperação do animal, dispendendo-se pouco tempo para o pós-operatório (52 dias. A técnica demonstrou ser de fácil realização e passível de ser executada a campo.A case of tibial fracture in a 7-month-old calf is reported, with closed comminuted diaphysial fracture. It has been given preference to external fixation as means of fracture immobilization, and transcortical pins and fiberglass cast have been used. Effective immobilization of the fracture and fast recovering of the animal as well as less time consuming toward the postoperative have been obtained. This technique has showed feasible to be done in the field.

  1. Fraturas em duas e três partes do úmero proximal tratadas com sutura não absorvível Two- and three-part fractures of the proximal humerus treated with non-absorbable suture

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marco Antônio de Castro Veado

    2007-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar os resultados clínicos e radiográficos dos pacientes com fraturas em duas e três partes da extremidade proximal do úmero tratados por sutura não absorvível, com incorporação do manguito rotador, o que permite aumentar a estabilidade da fixação, principalmente em pacientes com pobre qualidade óssea. MÉTODOS: Dezenove pacientes foram operados, sendo 15 do sexo feminino e quatro do masculino, com média de idade de 57,4 anos (23-79 anos e seguimento médio de 53,4 meses (sete a 144 meses. De acordo com a classificação de Neer, havia 10 fraturas em três partes (colo cirúrgico e tubérculo maior e nove fraturas em duas partes (duas do tubérculo maior e sete do colo cirúrgico. Todos foram operados na posição " cadeira de praia" , com anestesia endotraqueal e bloqueio do plexo braquial. O acesso deltopeitoral foi utilizado para fraturas em duas partes do colo cirúrgico e fraturas em três partes. Para fraturas em duas partes do tubérculo maior, foi utilizado acesso transacromial. As fraturas foram reduzidas e fixadas com sutura não absorvível nº 5. O ângulo cervicodiafisário foi medido para avaliação da consolidação viciosa. RESULTADOS: Verificou-se consolidação óssea em 95% dos pacientes. A média da elevação anterior nos pacientes com fratura em duas partes foi de 163,3° (90°-180°; a rotação externa média, de 56° (30° a 90°; e a rotação interna média, de T10 (S1-T5. Nos pacientes com fratura em três partes, a média de elevação anterior foi de 163° (100°-180°; a rotação externa média, de 52,5° (5°-70° e a rotação interna média, de T10 (L4-T7. A força de abdução foi igual à do lado contralateral em 12 pacientes e menor em sete. O tempo necessário para o paciente retornar às atividades anteriores foi, em média, de 5,19 meses (dois a 12 meses. Na avaliação radiológica, o ângulo cervicodiafisário médio foi de 141° (110°-170° nas fraturas em duas partes e de

  2. Estudo de prevalência das fraturas bucomaxilofaciais na região de Pelotas = Study of prevalence of the bucomaxilofacial fractures in Pelotas region

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Portolan, Moacir

    2005-01-01

    Full Text Available Analisamos 745 casos de fraturas bucomaxilofaciais registrados no SAME (Serviço de Arquivo Médico Estatístico da Santa Casa de Misericórdia de Pelotas e no Centro de Estudos e Reabilitação Bucomaxilofacial de Pelotas (CERBMF, no período de 10 de janeiro de 1996 a 31 de dezembro de 2000. Os dados formam colhidos e anotados em fichas, as quais totalizaram 745 casos de pacientes submetidos à cirurgia. O nariz foi o local mais atingido, seguido pelo osso zigomático e mandíbula. As agressões foram as principais causas de fraturas, seguidas por acidentes de trânsito e quedas. O gênero masculino foi o mais atingido, numa proporção de 8/2 em relação ao feminino. A faixa etária mais atingida foi a de 21 a 30 anos de idade, seguida pela de 31 a 40 anos de idade e 11 a 20 anos de idade

  3. Fixação externa em fratura completa de metacarpo em potros External fixation in complete metacarpal fracture in foals

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcelo Jorge Cavalcanti de Sá

    1997-08-01

    Full Text Available A regeneração de fraturas nos membros de eqüinos é complexa pelas características da espécie. Baseado em estudo biomecânico prévio, dez potros com fratura iatrogênica experimental do metacarpo tiveram redução pelo método de transfixação óssea. Cada animal foi avaliado mediante exames clínico, laboratorial e radiográfico até a recuperação. As complicações não foram significativas, exceto em um potro que requereu eutanásia. O método mostrou-se adequado e oferece estabilidade suficiente para cicatrização.The fracture healing in equine legs is a complex process due to species characteristics. Based in previous biomechanical study ten horses had iatrogenic metacarpal fractures reduced by external bone fixation. Each animal was evaluated by clinical, laboratorial and radiografic examination till complete recovery. No significant complication were observed, except one animal which was submitted to euthanasia. The method offers appropriate stability for bone healing.

  4. Fratura bilateral de primeira costela em mergulho com colete salva-vidas Bilateral first rib fracture in a dive with life vest

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pietro de Almeida Sandri

    2010-06-01

    Full Text Available As fraturas de primeira costela são incomuns e geralmente associadas a grandes traumas torácicos a ponto de servirem como associação com a gravidade do trauma. As fraturas isoladas bilaterais de primeira costela sem grandes traumas torácicos são raramente descritas na literatura. Os sintomas podem passar despercebidos e serem minimizados dificultando o diagnóstico desta condição. O presente relato mostra um trauma direto sobre a região supraclavicular com sintomas de contusão do plexo braquial numa queda de jet ski com uso de salva-vidas. É feita uma revisão da literatura mostrando as diversas faces do problema discutindo-se o tratamento desta condição.First rib fractures are uncommon and are generally related to major thoracic traumas, so much so that they indicate the severity of the trauma. Isolated bilateral first rib fractures without major thoracic trauma are rarely described in the literature. Symptoms may go unnoticed and could be minimal, making diagnosis of this condition difficult. The present report presents a direct trauma of the supraclavicular region with symptoms of contusion of the brachial plexus, caused by a fall from a jet ski using a life vest. A review was done of literature indicating the various facets of the problem and discussing treatment of this condition.

  5. Surgical management of axis' traumatic spondylolisthesis (Hangman's frature Tratamento cirúrgico para a espondilolistese traumática do áxis (fratura do enforcado

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Luiz Romeo Boullosa

    2004-09-01

    ções de fixação com "halo vest" devido a traumatismo crânio-encefálico importante. MÉTODO: De junho de 1998 a abril de 2002, foram operados dez pacientes com espondilolistese traumática do áxis. Nove foram vítimas de acidentes automobilísticos e um sofreu queda de cavalo. Quatro pacientes tinham sido submetidos a tratamento clínico, e apresentavam sinais de pseudoartrose, com dor intensa à movimentação da coluna cervical. Dois apresentavam traumatismo crânio-encefálico moderado com múltiplas fraturas de crânio. Um foi submetido a tratamento cirúrgico de hematoma extradural agudo. Três apresentavam deslocamento importante de C2 sobre C3. Os pacientes foram submetidos a artrodese das fraturas com dois parafusos de rosca parcial colocados nos pedículos de C2, atravessando-se as fraturas, o que permitiu melhor aproximação das fraturas com alinhamento de C2-C3. Em dois pacientes foi necessária a fixação adicional com placa lateral fixa nas massas laterais de C3. RESULTADOS: Nove pacientes tiveram boa evolução pós-operatória com consolidação satisfatória das fraturas, e desaparecimento dos sintomas. Um paciente teve boa evolução com consolidação das fraturas, mas permanece com dores cervicais aos esforços. CONCLUSÃO: A fixação da espondilolistese traumática do áxis com o uso de parafusos de rosca parcial, nos pedículos de C2 e através dos traços de fratura é uma boa opção para o tratamento de pacientes que apresentarem pseudoartrose após tratamento clínico, ou apresentam contraindicações para o uso do "halo vest", como fraturas da calota craniana, ou grandes lacerações de couro cabeludo.

  6. O emprego de hastes intramedulares bloqueadas no tratamento das fraturas diafisárias do úmero Use of blocked intramedullary shaft for the treatment of humeral diaphyseal fractures

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernando Baldy dos Reis

    2005-01-01

    Full Text Available Estudamos os resultados clínicos e radiográficos de 31 pacientes portadores de fraturas diafisárias do úmero que foram operados com hastes intramedulares. Destes quatro apresentaram fraturas no local da inserção da haste e foram tratados com outro método. Dos 27 pacientes restantes o índice de consolidação foi de 96,1 % e que durou em média de 63,4 dias. Cinco queixaram-se de dor no ombro e em apenas um apresentou limitação da abdução. Paralisia temporária do nervo radial foi constatada em dois pacientes e pseudartrose em um que após 5 meses da cirurgia foi submetido a nova intervenção cirúrgica com o emprego de placa e enxerto ósseo autólogo. Concluímos que embora o emprego de hastes intramedulares bloqueadas apresentou alto índice de a via de acesso retrógrada pode levar a fraturas no seu ponto de entrada e via anterógrada com violação do manguito rotador pode gerar dores no ombro.Clinical and radiographic outcomes of 31 patients with humeral diaphyseal fractures submitted to surgery with intramedullary shafts were studied. From these, four patients presented fractures at the shaft insertion site and were treated using a different method. From the 27 patients left, the healing rate was 96.1%, with an average duration of 63.4 days. Five of them complained of pain in the shoulder and only one presented abduction limitation. Temporary palsy of the radial nerve was found in two patients and pseudoarthrosis in one of them, who was submitted to a new surgical intervention with plate and autologous bone graft, after 5 months. It was concluded that, although blocked intramedullary shafts presents a high incidence of the retrograde access port leading to fractures in its insertion site and the anterograde port causing pain in the shoulder.

  7. CONCHAS-SPRAY, Reactive Flows with Fuel Sprays

    International Nuclear Information System (INIS)

    Cloutman, L.D.; Dukowicz, J.K.; Ramshaw, J.D.; Amsden, A.A.

    2001-01-01

    Description of program or function: CONCHAS-SPRAY solves the equations of transient, multicomponent, chemically reactive fluid dynamics, together with those for the dynamics of an evaporating liquid spray. The program was developed with applications to internal combustion engines in mind. The formulation is spatially two-dimensional, and encompasses both planar and axisymmetric geometries. In the latter case, the flow is permitted to swirl about the axis of symmetry. CONCHAS-SPRAY is a time-marching, finite- difference program that uses a partially implicit numerical scheme. Spatial differences are formed with respect to a generalized two- dimensional mesh of arbitrary quadrilaterals whose corner locations are specified functions of time. This feature allows a Lagrangian, Eulerian, or mixed description, and is particularly useful for representing curved or moving boundary surfaces. Arbitrary numbers of species and chemical reactions are allowed. The latter are subdivided into kinetic and equilibrium reactions, which are treated by different algorithms. A turbulent law-of-the-wall boundary layer option is provided. CONCHAS-SPRAY calls a number of LANL system subroutines to display graphic or numerical information on microfiche. These routines are not included, but are described in the reference report. Several routines called from LINPACK and SLATEC1.0 are included

  8. Novo Parafuso (Acutrak® No tratamento cirúrgico de jogadores de futebol de elite com fraturas do quinto metatarso New screw (Acutrak® in the surgical treatment of elite football players with fifth metatarsal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hayati Ozturk

    2009-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Há uma variabilidade considerável na literatura no que tange ao tratamento ideal de fraturas do quinto metatarso. O objetivo deste estudo é apresentar os resultados da fixação cirúrgica de fraturas do quinto metatarso usando o parafuso Acutrak® em jogadores de futebol de elite. MATERIAL E MÉTODOS: Três casos de fratura do quinto metatarso em jogadores de futebol de elite são apresentados. A média de idade dos pacientes era de 24 anos (18-26 anos. Tratamos as três fraturas do quinto metatarso em jogadores de futebol de elite. Os casos em nosso estudo consistiam de uma fratura diafisiária do quinto metatarso e duas fraturas de Jones. As fraturas ocorreram durante a participação nos jogos. Aplicamos fixação interna utilizando um parafuso Acutrak® percutâneo sob anestesia local com o auxílio de um fluoroscópio. Os pacientes foram clinica e radiograficamente avaliados. RESULTADOS: O restabelecimento clínico foi obtido em 10 semanas após a cirurgia. A consolidação radiográfica ocorreu em 8 semanas de pós-operatório, sendo que os pacientes retornaram a seus níveis prévios de atividade em 11 semanas de pós-operatório. Não foi relatada nenhuma complicação pósoperatória. Não se observou nenhuma irritação de pele devido à ausência de cabeça do parafuso Acutrak®. CONCLUSÃO: Os resultados sugerem que Acutrak® pode ser usado em jogadores de futebol com fraturas do quinto metatarso. Apesar de fatores como facilidade de implante, o custo e a resistência a inclinação também devem ser considerados.OBJECTIVE: There is considerable variability in the literature concerning the optimal treatment of fifth metatarsal fracture. The purpose of this study is to report the outcome of surgical fixation of fifth metatarsal fractures using Acutrak® screw in elite football players. MATERIAL AND METHOD: Three cases of fifth metatarsal fracture in elite football players. The mean age was 24 years old (18-26 years. We

  9. Fratura toracolombar tipo explosão: comparação do tratamento conservador em pacientes com e sem fratura do arco vertebral posterior Thoracolumbar burst fracture: comparing conservative treatment in patients with and without fracture of the posterior vertebral arch

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Osmar Avanzi

    2008-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Comparar clínica e radiologicamente os resultados a longo prazo do tratamento conservador da fratura explosão toracolombar, em pacientes com e sem fratura do arco vertebral posterior, com o propósito de avaliar eventuais diferenças na evolução destes dois tipos de lesão. MÉTODOS: Foram avaliados, retrospectivamente, os prontuários e exames de imagem (radiografias e tomografias computadorizadas de 25 pacientes sem déficit neurológico, com fratura toracolombar tipo explosão tratados não cirurgicamente e comparados o grau de progressão da cifose entre os casos com fratura da lâmina (grupo 1 e sem fratura posterior (grupo 2. Desses, 13 pacientes foram submetidos à avaliação comparativa por meio da escala visual analógica de dor (VAS, da escala de dor e trabalho de Denis e do questionário de qualidade de vida SF-36. RESULTADOS: Foram analisados 25 pacientes (36% do grupo A e 74% do grupo B com tempo médio de seguimento de 111,64 meses. Não houve diferença em relação ao grau de progressão da cifose durante o seguimento entre os grupos A e B (5,22º x 4,63º - p = 0,650. Dos 13 pacientes analisados funcionalmente, 46% eram do grupo A e 54% do grupo B. Nesta avaliação, apesar da VAS pior (1,83 x 5,00 - p = 0,015 nos pacientes sem fratura posterior (grupo B, não houve diferença em relação à escala de Denis (4,00 x 5,71 - p > 0,05 e SF-36 (98,60 x 90,83 - p = 0,168 entre os dois grupos. CONCLUSÃO: A fratura do arco posterior, isoladamente, parece não ser indicativo de instabilidade ou de mau prognóstico nas fraturas toracolombares tipo explosão.OBJECTIVE: To make a clinical and radiological comparison of long term results of the conservative treatment of thoracolumbar burst fractures, in patients with and without fracture in the posterior vertebral arch, in order to assess possible differences in the evolution of the two types of lesion. METHODS: A retrospective analysis was made of the clinical records and

  10. Lifestyle changes after osteoporotic fractures in elderly women Mudanças dos hábitos de vida após fratura por osteoporose em mulheres idosas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcelo Medeiros Pinheiro

    2003-10-01

    ção idosa. MÉTODOS: para avaliar se mulheres com osteoporose modificam seus hábitos de vida após a fratura, selecionamos 518 mulheres idosas caucasianas de nosso Serviço Ambulatorial de Reumatologia (122 com fratura, que foram seguidas por um ano. O questionário de avaliação foi baseado no European Vertebral Osteoporosis Study (EVOS e contém tópicos relacionados com queda, massa óssea e fratura. Radiografias lateral da coluna torácica e lombar foram realizadas de acordo com protocolo padrão para verificar fratura vertebral. Densidade mineral óssea foi medida por meio de densitômetro Lunar DPX, Madison, WI. O comportamento das mulheres foi analisado antes e após a fratura. RESULTADOS: antes da fratura, 34% das mulheres tinham pior percepção da saúde, 40,2% caminhavam pelo menos meia hora por dia, 14,7% usavam bengalas, 56,6% queixavam-se de tonturas, 59,6% possuíam tapetes espalhados pela casa, 78,9% usavam transporte público, 21,1% utilizavam transporte privado (carro e 36,8% usavam solado de couro e não de borracha. Após a fratura, 66,4% das mulheres tinham pior percepção da saúde; 69,7% ficaram mais sedentárias, 27,9% usavam mais bengalas, 63,4% queixavam-se de mais tonturas, 38,3% tinham retirado os tapetes de casa, 68,1% trocaram o transporte público por privado e 55,7% modificaram o solado dos sapatos de couro para borracha. Fatores de risco relacionados com a massa óssea não foram modificados após a fratura. CONCLUSÕES: estes achados sugerem que mulheres idosas modificam somente os hábitos de vida relacionados com quedas, mas não aqueles relacionados com a massa óssea após a fratura por osteoporose. Pesquisas são necessárias a fim de avaliar quais estratégias de intervenção podem ocasionar melhores resultados na prevenção de fraturas por osteoporose.

  11. Fraturas vertebrais em grandes animais: estudo retrospectivo de 39 casos (1987-2002 Vertebral fractures in large animals: retrospective study of 39 cases (1987-2002

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A.S. Borges

    2003-04-01

    Full Text Available Realizou-se estudo retrospectivo (1987-2002 dos aspectos clínicos das fraturas vertebrais em eqüinos, bovinos, ovinos, caprinos e suínos atendidos no hospital veterinário da FMVZ-Unesp de Botucatu. Todos os casos tiveram confirmação radiográfica ou post-mortem. Segundo a espécie, a ordem de acometimento foi: bovina, eqüina, ovina, caprina e suína. As lesões ocorreram desde os 12 dias de idade até os 10 anos, com maior freqüência até os 12 meses. O segmento torácico foi o mais comprometido seguido dos segmentos lombar, cervical e sacral. As fraturas vertebrais devem fazer parte da lista de diagnósticos diferenciais de animais em decúbito, independente da espécie, sexo ou idade.It was performed a retrospective study (1987-2002 of clinical features of spinal fractures in the equine, bovine, ovine, caprine and swine referred to the Veterinary Hospital - FMVZ-Unesp in Botucatu, SP, Brazil. All the cases were confirmed by necropsy or radiographic evaluation. Bovines were the most affected species, followed by horses, sheep, goats and swines, and lesions occurred from 12 days to 10 years of age, being more frequent up to 12 months of age. Thoracic vertebrae were the most affected, followed by lumbar, cervical and sacral segments. Vertebral fractures should be included for differential diagnosis of recumbent animals, independently on species, sex or age.

  12. Detecção de fraturas radiculares em imagens de tomografia computadorizada de feixe cônico utilizando diferentes parâmetros de exposição e materiais intracanais

    OpenAIRE

    Pinto, Martina Gerlane de Oliveira

    2015-01-01

    O objetivo deste estudo foi avaliar a detecção de fraturas radiculares (FRs) em imagens de Tomografia Computadorizada de Feixe Cônico (TCFC) utilizando diferentes parâmetros de exposição e analisar a influência da guta- percha, do núcleo metálico fundido e do pino de fibra de vidro no diagnóstico das FRs, assim como a formação de artefatos em TCFC. Cento e sessenta dentes foram selecionados e divididos em quatro grupos de acordo com o material de preenchimento (sem guta-percha, com guta-perch...

  13. Estudo observacional comparativo de fraturas em crianças e adolescentes Epidemiologic comparative study of fractures in children and adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roberto Guarniero

    2011-01-01

    Full Text Available Objetivos: 1 Analisar comparativamente a incidência de fraturas na criança e no adolescente em três centros universitários de atendimento. 2 Estudar o acometimento segundo a faixa etária, o sexo, o tipo de acidente, a localização anatômica, a localização no osso, o tipo de fratura, a associação com outras lesões e o tratamento. 3 Em relação ao tipo de fratura e seu tratamento, avaliar se os programas de ensino e treinamento desenvolvidos atualmente, tanto na graduação como na pós-graduação Lato sensu (residência médica e especialização estão condizentes com as necessidades do médico para o atendimento diário nos diferentes serviços de emergência de nosso País. Métodos: Estudo prospectivo transversal e observacional. Estudados os prontuários de 543 pacientes, no grupo etário de um dia de vida a 19 anos, atendidos em um período de três meses em três hospitais universitários, com uma ficha especialmente idealizada para determinar as características gerais das fraturas nesta série de pacientes. Resultados: Observamos a incidência de 531 fraturas (isoladas e 12 luxações nos 543 pacientes, sendo, em relação ao sexo, 394 meninos (72,5% e 149 meninas (27,4%. Segundo a etiologia dos traumatismos, o episódio “queda da própria altura” foi o que apresentou a maior incidência, seguido pela “queda de altura”, caracterizando um traumatismo mais grave. Observamos o maior acometimento dos membros superiores em relação aos membros inferiores, sendo 404 fraturas nos superiores (com 11 luxações, representando 76,08% das fraturas e 127 nos inferiores, que representam 23,91%. Conclusões: 1 Em função da casuística estudada, podemos concluir que campanhas educativas devem ser realizadas com conteúdo que enfatize as causas e a prevenção da “queda da própria altura”. 2 Os programas de treinamento do especialista devem enfatizar a maior ocorrência dos traumatismos e lesões dos membros superiores, bem

  14. Fraturas proximais do fêmur em idosos: qual o melhor tratamento? Proximal fracture of the femur on the elderly: what's the best treatment?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lygia Paccini Lustosa

    2009-01-01

    Full Text Available As fraturas proximais do fêmur em idosos representam um sério problema dentro do contexto da saúde pública, devido aos elevados custos econômicos para o tratamento e as suas consequências, assim como pela alta taxa de morbidade e mortalidade. O objetivo desse estudo foi discutir quais os tratamentos mais indicados para esse tipo de fratura, em idosos, por meio de uma revisão da literatura. As bases de dados pesquisadas foram MEDLINE, COCHRANE e PEDro. Os critérios de inclusão foram estudos publicados nos últimos sete anos; nos idiomas português, inglês e espanhol; realizados em seres humanos, sem distinção de gênero e com idade maior que 60 anos; estudos com desenho metodológico de ensaios clínicos, ensaios clínicos aleatorizados e revisões sistemáticas com e sem meta-análise. Foram encontrados sete artigos e após a análise pode se afirmar que não existe um tratamento específico para as fraturas proximais do fêmur em idosos. O tratamento normalmente indicado na maioria dessas fraturas é cirúrgico e requer envolvimento fisioterápico para uma reabilitação adequada. Apesar da dificuldade de comparação entre os estudos, foi observado que uma equipe de profissionais da saúde parece promover uma reabilitação mais efetiva, além de prevenir complicações.The proximal fractures of the femur on the elderly represent a serious problem inside the public health context, because of the high economic costs needed for the treatment and it's consequence, as the high taxes of morbidity and mortality. The goal of this study was to discuss, through a literature revision, which is the most indicated treatment for the proximal fractures of the femur, on the elderly. The researched data bases were MEDLINE, COCHRANE and PEDro. The inclusion criterions were published studies on the last seven years, only on the Portuguese, English and Spanish languages, accomplished on human beings, with no genre distinction and with ages above 60

  15. Associação entre a morfologia de trincas de pisos cerâmicos e seu comportamento mecânico em fratura

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    E. S. Fonseca

    2015-09-01

    Full Text Available ResumoEste trabalho analisou os dados obtidos a partir de ensaios a flexão em um lote de 40 corpos de provas de placas cerâmicos, preparados da mesma forma de acordo com a norma brasileira de ensaios NBR 13818:1997. Os dados de resistência à flexão obtidos nos testes, na forma de curvas tensão versus flexão, foram avaliados estatisticamente. Análises estatísticas detalhadas mostraram dois subgrupos diferentes de comportamento mecânico apresentado pelos corpos de prova cerâmicos testados. A análise fractográfica de amostras representativas destes dois grupos indicaram diferenças morfológicas relevantes nas fraturas obtidas destas amostras durante o ensaio. Essas diferenças puderam ser associadas com o comportamento mecânico apresentados pelas amostras analisadas.

  16. Análise biomecânica comparativa entre os sistemas plate-nail e plate-rod em fraturas induzidas em fêmures de caninos: estudo ex-vivo

    OpenAIRE

    Mesquita, Luciane dos Reis

    2013-01-01

    O objetivo deste estudo foi comparar as propriedades mecânicas da associação da haste intramedular bloqueada e placa óssea (plate-nail) e da associação do pino intramedular e placa óssea (plate-rod), utilizadas em fraturas experimentalmente induzidas em fêmures de caninos. Vinte pares de fêmures de cães foram selecionados para receber os sistemas plate-nail e plate-rod. Em cada fêmur, uma ostectomia no terço médio da diáfise foi realizada e inserido o sistema selecionado. As construções foram...

  17. Viagens, tremores e conchas: aspectos da natureza da América em escritos de José Bonifácio de Andrada e Silva, José Hipólito Unanúe e Dámaso Antonio Larrañaga

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Margaret Lopes

    Full Text Available Este artigo apresenta aspectos da produção científica de três ilustrados que atuaram na América do Sul: José Bonifácio de Andrada e Silva (1763-1838, José Hipólito Unanúe (1755-1833 e Dámaso Antonio Larrañaga (1771-1848. Os três naturalistas - de trajetórias, territórios e crenças diferenciadas - construíram suas versões sobre aspectos da natureza da América. Em comum, contribuíram com seus trabalhos científicos para a construção da geohistória americana. Foram escolhidos para análise por critérios de dispersão territorial e por suas diferentes abordagens sobre aspectos específicos das Ciências da Terra - temas que ainda hoje têm merecido menor atenção, mesmo entre os historiadores latino-americanos das ciências. Este artigo argumenta que estes personagens não só construíram seus próprios conhecimentos sobre temperamentos (climas e territórios, como também utilizaram seu conhecimento científico no implemento de ações políticas para os seus respectivos países em conformação.

  18. Tenacidade à fratura translaminar dinâmica de um laminado híbrido metal-fibra para uso em elevadas temperaturas Translaminar dynamic fracture toughness of a hybrid fiber-metal laminate devised to high-temperature applications

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José R. Tarpani

    2010-01-01

    Full Text Available A tenacidade à fratura translaminar dinâmica do laminado híbrido metal-fibra titânio-grafite com matriz termoplástica foi determinada sob as velocidades de impacto de 2,25 e 5,52 m/s, no intervalo de temperaturas de -196 a +180 °C, e comparada à de laminados compósitos convencionais de fibras de carbono e resina epóxi. Constatou-se que o laminado híbrido exibe uma tenacidade à iniciação da fratura inferior à dos compósitos tradicionais com fibras na forma de fita unidirecional, porém superior à dos laminados convencionais com fibras na forma de tecido bidirecional. Os ensaios de impacto revelaram que, comparativamente ao desempenho mecânico dos laminados carbono-epóxi, o emprego do laminado híbrido metal-fibra se justifica mais pela sua resistência à propagação do que à iniciação da fratura dinâmica.The translaminar dynamic fracture toughness of titanium-graphite hybrid fiber-metal laminate with thermoplastic matrix has been determined at the impact velocities of 2.25 and 5.52 m/s, within the temperature range from -196 to +180 ºC, and compared to that of conventional carbon-epoxy composite laminates. The hybrid laminate exhibits lower initiation fracture toughness than traditional unidirectional tape composites though it is tougher than conventional woven fabric laminates. Impact tests revealed that, if compared to the mechanical performance of conventional carbon-epoxy laminates, the fiber-metal laminate application must rely on its resistance to dynamic fracture propagation rather than on fracture initiation.

  19. Análise de fraturas diafisárias do fêmur em crianças menores de 3 anos de idade Femoral shaft fractures: an assessment in children younger than 3 years old

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João Paulo Machado Bergamaschi

    2007-01-01

    Full Text Available Este estudo consiste na reavaliação ortopédica e psicossocial de crianças que sofreram fratura do fêmur até a idade dos três anos e objetiva a análise de suas causas prováveis e detecção de indícios de ocorrência de Síndrome de Maus Tratos. Trinta e cinco crianças menores de três anos de idade sofreram fratura diafisária de fêmur e foram atendidas no Pronto Socorro do Serviço de Ortopedia e Traumatologia da Santa Casa de São Paulo, no período de janeiro de 1996 a agosto de 2002, sendo que 18 compareceram para reavaliação. Como causa relatada das fraturas observamos: queda em 13 (72,2% casos, queda de objetos sobre o membro em três (16,7% e fratura no parto em dois (11,1%. Constatamos suspeita de Síndrome dos Maus Tratos em nove (maus tratos físicos em seis [33,3%] e negligência em três [16,7%] casos, fratura patológica em quatro (22,2%, causa acidental em três (16,7%, e outras causas em dois (11,1% casos. Maus tratos constituem uma importante causa a ser investigada nos casos de fratura do fêmur em crianças com menos de três anos de idade, sendo o provável mecanismo responsável por metade das fraturas aqui estudadas.This study consists of an orthopaedic and psychosocial re-evaluation of children who experienced femur fractures as young as 3 years old and aims to analyze potential causes and detect Child Abuse rates. Thirty-five children under the age of three years who experienced femoral shaft fractures received care at the Emergency Department of the Orthopaedics and Traumatology Service of Santa Casa de São Paulo within the period ranging from January, 1996 to August, 2002. Eighteen patients returned to the hospital for re-evaluation. The reported causes for fractures were: fall in 13 cases (72.2%, object fall on the limb in 2 cases (11.1%. Child abuse was suspected in 9 cases (physical abuse in 6 cases (33.3%, negligence in 3 cases (16.7%, pathological fracture in 4 cases (22.2%, accidental causes in 3

  20. Caracterização clínica e das situações de fratura da coluna vertebral no município de ribeirão preto, propostas para um programa de prevenção do trauma raquimedular Caracterización clínica y de las situaciones de fractura de la columna vertebral en el municipio de ribeirão preto, propuestas para un programa de prevención del traumatismo raquimedular Clinical characterization and description cases of vertebral spinal fracture in the municipality of ribeirão preto, proposals for a spinal cord trauma prevention program

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elaine Cristine Lemes Mateus de Vasconcelos

    2011-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Este estudo teve como objetivo a caracterização clínica e a avaliação das situações relacionadas ao trauma raquimedular no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto durante os anos de 2007 e 2008. MÉTODO: Levantamento de prontuários baseado nos códigos da Classificação Internacional de Doenças de fratura da coluna vertebral, exceto aquelas decorrentes de lesão por projétil de arma de fogo. Foram revisados 190 pacientes, 22 tiveram óbito confirmado, 96 foram entrevistados por telefone ou pessoalmente, restando 94 cujas informações foram colhidas apenas a partir do prontuário médico. RESULTADOS: As lesões ocorreram predominantemente nos indivíduos jovens do sexo masculino, acometeram o nível vertebral cervical e causaram lesão medular em 27% dos indivíduos, principalmente lesões completas (AIS A: 57,7%. A principal etiologia do trauma foram os acidentes de trânsito com carros e motos (52%. Nas entrevistas, os pacientes relataram a desatenção e desrespeito às regras de trânsito e normas de segurança como o principal fator associado ao trauma. Muitos pacientes afirmaram desconhecer o risco presente nas situações em que ocorreram os traumas e as consequências da fratura na coluna e lesão medular. CONCLUSÕES: Este estudo identificou os homens jovens como sujeitos trauma raquimedular. Entre as situações apontadas pelos pacientes como associadas a esse tipo de trauma, a desatenção e desrespeito às leis foram aspectos importantes. Estas informações permitiram a elaboração de uma campanha de prevenção das lesões da coluna vertebral focada no grupo social e comportamentos de maior risco.OBJETIVO: Este estudio tuvo el objetivo de caracterización clínica y evaluación de situações relacionadas con traumatismo raquimedular, en el Hospital de Clínicas de la Facultad de Medicina de Ribeirão Preto, durante 2007-2008. MÉTODO: evaluación de historiales de pacientes usando c

  1. Fratura supracondiliana de úmero em crianças: fixação com dois fios de Kirschner cruzados Supracondylar fracture of the humerus in children: fixation with two crossed Kirschner wires

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roni Azevedo Carvalho

    2012-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar e apresentar os resultados de fraturas supracondilianas instáveis de úmero em crianças, tratadas cirurgicamente com redução e fixação percutânea com dois fios de Kirschner cruzados. MÉTODOS: Foi realizado estudo transversal com 20 crianças, considerando sexo, idade na época da fratura e no momento da análise, lateralidade, tipo e mecanismo de fratura, complicações pós-operatórias, variáveis radiográficas e clínicas. RESULTADOS: Observaram-se 10 fraturas à esquerda e 10 à direita. A idade na fratura variou de dois a 13 anos (média 5,9 anos ± 2,48. Três fraturas foram classificadas como tipo II e 17 do tipo III. O tempo de seguimento variou de quatro meses a três anos. O ângulo de Baumann variou de 69 a 100 (média 78,3, sendo observada a presença de cúbito varo em quatro pacientes (com valores variando de 84 a 100. Segundo os critérios de Flynn modificados, obtiveram-se 20 casos satisfatórios, 17 excelentes (85%, dois bons (10% e um regular (5%. Dois pacientes apresentaram déficit da amplitude de movimento, dois parestesia no território cubital e uma criança apresentou neuropraxia transitória do nervo ulnar por seis semanas. CONCLUSÃO: A fixação percutânea com dois fios de Kirschner cruzados, quando realizada com visualização direta e isolamento do nervo ulnar, permite bons resultados.OBJECTIVE: To analyze and present the surgical results from unstable supracondylar fractures of the humerus in children, treated by means of reduction and percutaneous fixation using two crossed Kirschner wires. METHODS: A cross-sectional study was conducted on 20 children, taking into consideration sex, age at the time of the fracture, age at the time of the assessment, side affected, type and mechanism of trauma, postoperative complications and radiographic and clinic variables. RESULTS: Ten fractures were observed in the left arm and ten in the right arm. The age at the time of the fracture ranged from 2

  2. 2011 Las Conchas Post Fire, e335106_ne_nw, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  3. 2011 Las Conchas Post Fire, a536106_sw_sw, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  4. 2011 Las Conchas Post Fire, e435106_se_se, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  5. 2011 Las Conchas Post Fire, f335106_ne_ne, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  6. 2011 Las Conchas Post Fire, h535106_se_nw, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  7. 2011 Las Conchas Post Fire, h235106_nw_se, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  8. 2011 Las Conchas Post Fire, e435106_ne_se, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  9. 2011 Las Conchas Post Fire, g435106_sw_ne, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  10. 2011 Las Conchas Post Fire, f535106_nw_nw, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  11. 2011 Las Conchas Post Fire, g235106_sw_se, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  12. 2011 Las Conchas Post Fire, f335106_ne_nw, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  13. 2011 Las Conchas Post Fire, e535106_ne_sw, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  14. 2011 Las Conchas Post Fire, a236106_sw_nw, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  15. 2011 Las Conchas Post Fire, h235106_sw_sw, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  16. 2011 Las Conchas Post Fire, h535106_ne_nw, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  17. 2011 Las Conchas Post Fire, h335106_se_sw, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  18. 2011 Las Conchas Post Fire, a136106_se_nw, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  19. 2011 Las Conchas Post Fire, h435106_ne_ne, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  20. 2011 Las Conchas Post Fire, a236106_sw_se, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  1. 2011 Las Conchas Post Fire, f435106_sw_nw, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  2. 2011 Las Conchas Post Fire, h535106_nw_se, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  3. 2011 Las Conchas Post Fire, h235106_sw_ne, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  4. 2011 Las Conchas Post Fire, f435106_se_se, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  5. 2011 Las Conchas Post Fire, f335106_nw_ne, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  6. 2011 Las Conchas Post Fire, g435106_se_nw, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  7. 2011 Las Conchas Post Fire, e435106_sw_nw, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  8. 2011 Las Conchas Post Fire, a236106_se_ne, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  9. 2011 Las Conchas Post Fire, h435106_se_se, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  10. 2011 Las Conchas Post Fire, a436106_nw_ne, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  11. 2011 Las Conchas Post Fire, e435106_ne_se, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  12. 2011 Las Conchas Post Fire, e435106_nw_nw, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  13. 2011 Las Conchas Post Fire, h435106_nw_nw, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  14. 2011 Las Conchas Post Fire, g135106_nw_nw, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  15. 2011 Las Conchas Post Fire, g535106_ne_nw, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  16. 2011 Las Conchas Post Fire, d431506_ne_ne, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  17. 2011 Las Conchas Post Fire, a236106_sw_sw, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  18. 2011 Las Conchas Post Fire, e435106_nw_nw, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  19. 2011 Las Conchas Post Fire, e635106_se_ne, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  20. 2011 Las Conchas Post Fire, d335106_nw_sw, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  1. 2011 Las Conchas Post Fire, g535106_sw_se, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  2. 2011 Las Conchas Post Fire, g435106_se_sw, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  3. 2011 Las Conchas Post Fire, g535106_nw_sw, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  4. 2011 Las Conchas Post Fire, f535106_nw_nw, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  5. 2011 Las Conchas Post Fire, e635106_ne_se, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  6. 2011 Las Conchas Post Fire, g335106_ne_se, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  7. 2011 Las Conchas Post Fire, g435106_se_se, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  8. 2011 Las Conchas Post Fire, g335106_ne_ne, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  9. 2011 Las Conchas Post Fire, h235106_nw_ne, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  10. 2011 Las Conchas Post Fire, h535106_sw_nw, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  11. 2011 Las Conchas Post Fire, h335106_se_se, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  12. 2011 Las Conchas Post Fire, a436106_nw_se, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  13. 2011 Las Conchas Post Fire, d431506_ne_sw, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  14. 2011 Las Conchas Post Fire, h435106_se_sw, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  15. 2011 Las Conchas Post Fire, h335106_sw_se, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  16. 2011 Las Conchas Post Fire, h135106_ne_sw, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  17. 2011 Las Conchas Post Fire, h335106_sw_ne, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  18. 2011 Las Conchas Post Fire, h135106_sw_ne, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  19. 2011 Las Conchas Post Fire, f235106_nw_nw, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  20. 2011 Las Conchas Post Fire, f435106_se_nw, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  1. 2011 Las Conchas Post Fire, a336106_nw_sw, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  2. 2011 Las Conchas Post Fire, a436106_se_nw, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  3. 2011 Las Conchas Post Fire, h235106_se_se, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  4. 2011 Las Conchas Post Fire, a636106_se_se, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  5. 2011 Las Conchas Post Fire, g335106_sw_nw, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  6. 2011 Las Conchas Post Fire, d431506_ne_nw, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  7. 2011 Las Conchas Post Fire, f335106_ne_sw, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  8. 2011 Las Conchas Post Fire, e635106_se_se, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  9. 2011 Las Conchas Post Fire, g235106_sw_ne, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  10. 2011 Las Conchas Post Fire, a136106_sw_sw, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  11. 2011 Las Conchas Post Fire, f435106_ne_ne, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  12. 2011 Las Conchas Post Fire, a236106_ne_sw, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  13. 2011 Las Conchas Post Fire, a436106_nw_se, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  14. 2011 Las Conchas Post Fire, e335106_ne_nw, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  15. 2011 Las Conchas Post Fire, h335106_nw_ne, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  16. 2011 Las Conchas Post Fire, a236106_se_sw, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  17. 2011 Las Conchas Post Fire, e435106_nw_ne, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  18. 2011 Las Conchas Post Fire, g435106_sw_se, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  19. 2011 Las Conchas Post Fire, g535106_ne_sw, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  20. 2011 Las Conchas Post Fire, a436106_se_se, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  1. 2011 Las Conchas Post Fire, e535106_nw_nw, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  2. 2011 Las Conchas Post Fire, h235106_ne_sw, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  3. 2011 Las Conchas Post Fire, d431506_ne_nw, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  4. 2011 Las Conchas Post Fire, f535106_ne_se, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  5. 2011 Las Conchas Post Fire, a236106_nw_sw, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  6. 2011 Las Conchas Post Fire, f535106_se_ne, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  7. 2011 Las Conchas Post Fire, e435106_ne_nw, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  8. 2011 Las Conchas Post Fire, a436106_ne_ne, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  9. 2011 Las Conchas Post Fire, e535106_ne_sw, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  10. 2011 Las Conchas Post Fire, f435106_se_ne, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  11. 2011 Las Conchas Post Fire, f535106_nw_sw, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  12. 2011 Las Conchas Post Fire, e435106_sw_nw, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  13. 2011 Las Conchas Post Fire, h635106_se_se, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  14. 2011 Las Conchas Post Fire, g635106_ne_se, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  15. 2011 Las Conchas Post Fire, e335106_sw_se, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  16. 2011 Las Conchas Post Fire, f535106_nw_se, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  17. 2011 Las Conchas Post Fire, h235106_nw_nw, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  18. 2011 Las Conchas Post Fire, d435106_nw_sw, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  19. 2011 Las Conchas Post Fire, a336106_sw_nw, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  20. 2011 Las Conchas Post Fire, h235106_se_sw, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  1. 2011 Las Conchas Post Fire, g435106_ne_sw, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  2. 2011 Las Conchas Post Fire, f335106_se_ne, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  3. 2011 Las Conchas Post Fire, a336106_sw_se, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  4. 2011 Las Conchas Post Fire, g235106_nw_ne, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  5. 2011 Las Conchas Post Fire, g535106_nw_ne, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  6. 2011 Las Conchas Post Fire, g535106_ne_ne, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  7. 2011 Las Conchas Post Fire, h135106_nw_se, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  8. 2011 Las Conchas Post Fire, g435106_nw_sw, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  9. 2011 Las Conchas Post Fire, g235106_sw_sw, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  10. 2011 Las Conchas Post Fire, h135106_sw_sw, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  11. 2011 Las Conchas Post Fire, h535106_nw_sw, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  12. 2011 Las Conchas Post Fire, h135106_sw_sw, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  13. 2011 Las Conchas Post Fire, e635106_se_ne, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  14. 2011 Las Conchas Post Fire, a336106_nw_nw, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  15. 2011 Las Conchas Post Fire, g235106_ne_nw, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  16. 2011 Las Conchas Post Fire, a336106_nw_ne, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  17. 2011 Las Conchas Post Fire, g235106_se_ne, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  18. 2011 Las Conchas Post Fire, g335106_sw_sw, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  19. 2011 Las Conchas Post Fire, g335106_ne_nw, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  20. 2011 Las Conchas Post Fire, h435106_nw_nw, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  1. 2011 Las Conchas Post Fire, h535106_ne_ne, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  2. 2011 Las Conchas Post Fire, g235106_ne_sw, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  3. 2011 Las Conchas Post Fire, g435106_sw_se, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  4. 2011 Las Conchas Post Fire, d431506_nw_ne, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  5. 2011 Las Conchas Post Fire, f435106_se_se, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  6. 2011 Las Conchas Post Fire, h235106_nw_nw, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  7. 2011 Las Conchas Post Fire, g435106_nw_nw, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  8. 2011 Las Conchas Post Fire, f435106_ne_ne, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  9. 2011 Las Conchas Post Fire, g535106_se_nw, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  10. 2011 Las Conchas Post Fire, d435106_nw_se, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  11. 2011 Las Conchas Post Fire, g335106_se_ne, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  12. 2011 Las Conchas Post Fire, h635106_ne_se, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  13. 2011 Las Conchas Post Fire, h535106_se_ne, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  14. 2011 Las Conchas Post Fire, a236106_sw_ne, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  15. 2011 Las Conchas Post Fire, g335106_nw_nw, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  16. 2011 Las Conchas Post Fire, h235106_sw_se, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  17. 2011 Las Conchas Post Fire, h135106_nw_sw, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  18. 2011 Las Conchas Post Fire, a336106_sw_ne, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  19. 2011 Las Conchas Post Fire, f635106_se_ne, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  20. 2011 Las Conchas Post Fire, h435106_nw_ne, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  1. 2011 Las Conchas Post Fire, f435106_ne_nw, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  2. 2011 Las Conchas Post Fire, a436106_sw_se, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  3. 2011 Las Conchas Post Fire, a336106_se_se, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  4. 2011 Las Conchas Post Fire, a136106_se_sw, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  5. 2011 Las Conchas Post Fire, g335106_nw_se, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  6. 2011 Las Conchas Post Fire, f435106_se_nw, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  7. 2011 Las Conchas Post Fire, g435106_se_sw, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  8. 2011 Las Conchas Post Fire, e535106_se_nw, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  9. 2011 Las Conchas Post Fire, e435106_ne_sw, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  10. 2011 Las Conchas Post Fire, a436106_ne_nw, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  11. 2011 Las Conchas Post Fire, e535106_nw_nw, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  12. 2011 Las Conchas Post Fire, h235106_sw_sw, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  13. 2011 Las Conchas Post Fire, h335106_nw_nw, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  14. 2011 Las Conchas Post Fire, g235106_ne_ne, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  15. 2011 Las Conchas Post Fire, g535106_sw_se, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  16. 2011 Las Conchas Post Fire, h535106_sw_se, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  17. 2011 Las Conchas Post Fire, f435106_sw_sw, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  18. 2011 Las Conchas Post Fire, g235106_nw_sw, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  19. 2011 Las Conchas Post Fire, e435106_sw_se, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  20. 2011 Las Conchas Post Fire, h535106_sw_sw, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  1. 2011 Las Conchas Post Fire, a336106_se_nw, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  2. 2011 Las Conchas Post Fire, e535106_se_nw, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  3. 2011 Las Conchas Post Fire, f435106_sw_se, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  4. 2011 Las Conchas Post Fire, g535106_se_sw, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  5. 2011 Las Conchas Post Fire, f435106_ne_se, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  6. 2011 Las Conchas Post Fire, a236106_nw_nw, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  7. 2011 Las Conchas Post Fire, h635106_se_ne, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  8. 2011 Las Conchas Post Fire, d431506_ne_sw, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  9. 2011 Las Conchas Post Fire, h335106_ne_se, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  10. 2011 Las Conchas Post Fire, e335106_sw_se, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  11. 2011 Las Conchas Post Fire, f535106_nw_se, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  12. 2011 Las Conchas Post Fire, h535106_se_se, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  13. 2011 Las Conchas Post Fire, a336106_ne_nw, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  14. 2011 Las Conchas Post Fire, e435106_sw_se, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  15. 2011 Las Conchas Post Fire, a136106_se_nw, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  16. 2011 Las Conchas Post Fire, a436106_se_sw, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  17. 2011 Las Conchas Post Fire, a536106_se_se, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  18. 2011 Las Conchas Post Fire, d435106_nw_nw, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  19. 2011 Las Conchas Post Fire, g635106_se_ne, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  20. 2011 Las Conchas Post Fire, a636106_se_se, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  1. 2011 Las Conchas Post Fire, g335106_nw_se, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  2. 2011 Las Conchas Post Fire, h435106_se_nw, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  3. 2011 Las Conchas Post Fire, a336106_sw_sw, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  4. 2011 Las Conchas Post Fire, g335106_nw_sw, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  5. 2011 Las Conchas Post Fire, h535106_se_ne, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  6. 2011 Las Conchas Post Fire, d431506_nw_ne, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  7. 2011 Las Conchas Post Fire, f335106_sw_nw, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  8. 2011 Las Conchas Post Fire, h535106_sw_sw, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  9. 2011 Las Conchas Post Fire, h235106_ne_nw, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  10. 2011 Las Conchas Post Fire, a136106_sw_sw, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  11. 2011 Las Conchas Post Fire, g535106_sw_ne, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  12. 2011 Las Conchas Post Fire, a436106_ne_sw, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  13. 2011 Las Conchas Post Fire, g435106_nw_se, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  14. 2011 Las Conchas Post Fire, d435106_nw_sw, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  15. 2011 Las Conchas Post Fire, f535106_nw_sw, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  16. 2011 Las Conchas Post Fire, g435106_se_ne, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  17. 2011 Las Conchas Post Fire, g335106_sw_ne, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  18. 2011 Las Conchas Post Fire, a236106_sw_nw, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  19. 2011 Las Conchas Post Fire, f335106_se_ne, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  20. 2011 Las Conchas Post Fire, g335106_sw_se, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  1. 2011 Las Conchas Post Fire, g335106_se_nw, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  2. 2011 Las Conchas Post Fire, h235106_se_ne, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  3. 2011 Las Conchas Post Fire, h635106_se_se, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  4. 2011 Las Conchas Post Fire, h435106_ne_sw, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  5. 2011 Las Conchas Post Fire, h535106_ne_ne, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  6. 2011 Las Conchas Post Fire, a536106_sw_se, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  7. 2011 Las Conchas Post Fire, f335106_nw_sw, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  8. 2011 Las Conchas Post Fire, f335106_se_sw, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  9. 2011 Las Conchas Post Fire, e535106_nw_sw, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  10. 2011 Las Conchas Post Fire, e335106_nw_nw, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  11. 2011 Las Conchas Post Fire, h535106_ne_se, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  12. 2011 Las Conchas Post Fire, f335106_ne_se, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  13. 2011 Las Conchas Post Fire, g435106_se_ne, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  14. 2011 Las Conchas Post Fire, a436106_sw_nw, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  15. 2011 Las Conchas Post Fire, h335106_ne_sw, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  16. 2011 Las Conchas Post Fire, e535106_se_ne, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  17. 2011 Las Conchas Post Fire, a436106_sw_sw, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  18. 2011 Las Conchas Post Fire, h235106_se_nw, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  19. 2011 Las Conchas Post Fire, f435106_sw_se, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  20. 2011 Las Conchas Post Fire, f635106_se_ne, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  1. 2011 Las Conchas Post Fire, f535106_se_nw, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  2. 2011 Las Conchas Post Fire, g335106_se_se, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  3. 2011 Las Conchas Post Fire, h435106_nw_sw, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  4. 2011 Las Conchas Post Fire, f635106_ne_ne, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  5. 2011 Las Conchas Post Fire, a336106_se_nw, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  6. 2011 Las Conchas Post Fire, h535106_sw_se, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  7. 2011 Las Conchas Post Fire, g435106_ne_ne, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  8. 2011 Las Conchas Post Fire, h235106_sw_nw, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  9. 2011 Las Conchas Post Fire, g635106_ne_ne, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  10. 2011 Las Conchas Post Fire, f335106_sw_se, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  11. 2011 Las Conchas Post Fire, h235106_se_se, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  12. 2011 Las Conchas Post Fire, g335106_sw_nw, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  13. 2011 Las Conchas Post Fire, f435106_nw_nw, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  14. 2011 Las Conchas Post Fire, h335106_sw_nw, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  15. 2011 Las Conchas Post Fire, a236106_nw_se, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  16. 2011 Las Conchas Post Fire, g335106_ne_sw, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  17. 2011 Las Conchas Post Fire, g235106_ne_sw, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  18. 2011 Las Conchas Post Fire, d435106_nw_se, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  19. 2011 Las Conchas Post Fire, g535106_se_se, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  20. 2011 Las Conchas Post Fire, h335106_nw_sw, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  1. 2011 Las Conchas Post Fire, a336106_ne_se, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  2. 2011 Las Conchas Post Fire, h435106_sw_sw, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  3. 2011 Las Conchas Post Fire, g235106_sw_nw, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  4. 2011 Las Conchas Post Fire, a336106_se_ne, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  5. 2011 Las Conchas Post Fire, f435106_se_sw, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  6. 2011 Las Conchas Post Fire, e435106_ne_nw, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  7. 2011 Las Conchas Post Fire, a236106_ne_sw, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  8. 2011 Las Conchas Post Fire, g435106_sw_nw, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  9. 2011 Las Conchas Post Fire, f435106_sw_nw, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  10. 2011 Las Conchas Post Fire, h335106_sw_ne, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  11. 2011 Las Conchas Post Fire, h335106_sw_sw, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  12. 2011 Las Conchas Post Fire, g535106_nw_nw, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  13. 2011 Las Conchas Post Fire, h535106_ne_se, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  14. 2011 Las Conchas Post Fire, e535106_se_sw, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  15. 2011 Las Conchas Post Fire, f535106_sw_ne, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  16. 2011 Las Conchas Post Fire, h535106_se_nw, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  17. 2011 Las Conchas Post Fire, g435106_ne_sw, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  18. 2011 Las Conchas Post Fire, h435106_se_ne, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  19. 2011 Las Conchas Post Fire, f535106_sw_ne, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  20. 2011 Las Conchas Post Fire, a336106_nw_nw, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  1. 2011 Las Conchas Post Fire, h435106_ne_nw, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  2. 2011 Las Conchas Post Fire, h435106_sw_nw, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  3. 2011 Las Conchas Post Fire, g335106_nw_nw, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  4. 2011 Las Conchas Post Fire, g435106_nw_se, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  5. 2011 Las Conchas Post Fire, a236106_se_nw, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  6. 2011 Las Conchas Post Fire, e435106_se_sw, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  7. 2011 Las Conchas Post Fire, g335106_sw_ne, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  8. 2011 Las Conchas Post Fire, g435106_sw_sw, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  9. 2011 Las Conchas Post Fire, g535106_se_sw, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  10. 2011 Las Conchas Post Fire, a236106_sw_se, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  11. 2011 Las Conchas Post Fire, h335106_se_se, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  12. 2011 Las Conchas Post Fire, e335106_sw_sw, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  13. 2011 Las Conchas Post Fire, f435106_nw_ne, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  14. 2011 Las Conchas Post Fire, h435106_sw_ne, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  15. 2011 Las Conchas Post Fire, h535106_sw_nw, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  16. 2011 Las Conchas Post Fire, e335106_nw_sw, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  17. 2011 Las Conchas Post Fire, a336106_se_ne, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  18. 2011 Las Conchas Post Fire, a436106_sw_ne, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  19. 2011 Las Conchas Post Fire, h335106_nw_se, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  20. 2011 Las Conchas Post Fire, g335106_sw_sw, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  1. 2011 Las Conchas Post Fire, g535106_sw_sw, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  2. 2011 Las Conchas Post Fire, h335106_se_ne, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  3. 2011 Las Conchas Post Fire, e435106_nw_se, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  4. 2011 Las Conchas Post Fire, a136106_sw_nw, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  5. 2011 Las Conchas Post Fire, d535106_ne_ne, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  6. 2011 Las Conchas Post Fire, g235106_sw_ne, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  7. 2011 Las Conchas Post Fire, a536106_se_sw, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  8. 2011 Las Conchas Post Fire, e435106_se_sw, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  9. 2011 Las Conchas Post Fire, h335106_nw_sw, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  10. 2011 Las Conchas Post Fire, a136106_sw_se, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  11. 2011 Las Conchas Post Fire, e435106_se_ne, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  12. 2011 Las Conchas Post Fire, f335106_se_nw, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  13. 2011 Las Conchas Post Fire, a236106_sw_sw, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  14. 2011 Las Conchas Post Fire, d535106_ne_ne, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  15. 2011 Las Conchas Post Fire, g535106_ne_se, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  16. 2011 Las Conchas Post Fire, a236106_se_sw, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  17. 2011 Las Conchas Post Fire, f235106_nw_nw, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  18. 2011 Las Conchas Post Fire, h235106_ne_ne, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  19. 2011 Las Conchas Post Fire, f435106_sw_ne, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  20. 2011 Las Conchas Post Fire, a536106_se_sw, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  1. 2011 Las Conchas Post Fire, f535106_se_sw, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  2. 2011 Las Conchas Post Fire, f435106_nw_ne, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  3. 2011 Las Conchas Post Fire, e335106_sw_sw, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  4. 2011 Las Conchas Post Fire, d335106_nw_nw, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  5. 2011 Las Conchas Post Fire, h335106_sw_nw, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  6. 2011 Las Conchas Post Fire, f635106_ne_se, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  7. 2011 Las Conchas Post Fire, e535106_sw_nw, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  8. 2011 Las Conchas Post Fire, h535106_ne_sw, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  9. 2011 Las Conchas Post Fire, f535106_se_se, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  10. 2011 Las Conchas Post Fire, g335106_nw_ne, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  11. 2011 Las Conchas Post Fire, e535106_sw_se, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  12. 2011 Las Conchas Post Fire, e435106_sw_ne, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  13. 2011 Las Conchas Post Fire, f335106_nw_nw, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  14. 2011 Las Conchas Post Fire, e535106_nw_sw, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  15. 2011 Las Conchas Post Fire, d431506_ne_ne, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  16. 2011 Las Conchas Post Fire, d431506_ne_se, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  17. 2011 Las Conchas Post Fire, h435106_ne_nw, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  18. 2011 Las Conchas Post Fire, f235106_nw_sw, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  19. 2011 Las Conchas Post Fire, g535106_ne_se, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  20. 2011 Las Conchas Post Fire, f335106_nw_nw, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  1. 2011 Las Conchas Post Fire, e435106_se_se, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  2. 2011 Las Conchas Post Fire, e535106_sw_ne, CIR

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  3. 2011 Las Conchas Post Fire, f435106_nw_sw, RGB

    Data.gov (United States)

    Earth Data Analysis Center, University of New Mexico — Wilson and Company collected and processed multi-spectral (red, green, blue, near-infrared) digital aerial imagery of the Las Conchas Fire that burned in the Santa...

  4. Reabilitação das fraturas do rádio distal Rehabilitation of distal radius fractures

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patrícia Silva Hampe Barbosa

    2009-01-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi avaliar a evidência do efeito e eleição da conduta terapêutica nas fraturas do rádio distal. A revisão sistemática utilizou as bases de dados PubMed, Lilacs, Pedro, Cochrane, Scielo, OTseeker, sem restrições de período de publicação, com as seguintes palavras chaves: fraturas do rádio, reabilitação, terapia ocupacional, fisioterapia, incluindo línguas inglesa, espanhola, francesa e portuguesa. Os estudos encontrados foram avaliados independentemente pelos dois autores utilizando critérios da escala PEDro. Estudos não experimentais foram incluídos em busca de esclarecimentos sobre a reabilitação. Foram encontrados 22 estudos, sendo 14 ensaios clínicos controlados randomizados (ECRs. Dentre eles, quatro compararam mobilização precoce com tratamento convencional apresentando evidência moderada a favor da primeira; sete confrontaram tratamento baseado em exercícios domiciliares com tratamento em consultório apontando evidência conflitiva (um deles também comprovou eficácia de mobilização acessória passiva; e três analisaram eficácia de procedimentos terapêuticos: campo eletromagnético pulsado, drenagem linfática, ultra-som, indicando evidências limitadas. Os nove estudos não experimentais encontrados não apresentaram informações suficientes sobre os questionamentos desta pesquisa. Observou-se uma tendência dos autores em utilizar os princípios gerais da reabilitação ao elaborar condutas terapêuticas, mas os procedimentos utilizados não estão bem atestados pela literatura.The aim of this study was to assess the evidence regarding the adoption and effectiveness of therapeutic procedures employed for rehabilitation of distal radius fractures. This systematic review used the following databases: PubMed, Lilacs, PEDro, Cochrane, Scielo and OTseeker, without time restrictions. The following keywords were searched for: distal radius fracture, rehabilitation, occupational therapy

  5. Quedas e fraturas entre residentes de instituições de longa permanência para idosos Falls and fractures among older adults living in long-term care

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Giovâni Firpo Del Duca

    2013-03-01

    Full Text Available OBJETIVO: Investigar a ocorrência de quedas e fraturas no último ano e fatores associados entre residentes de instituições de longa permanência para idosos (ILPI. MÉTODOS: Estudo transversal exploratório, a partir de um censo realizado em ILPI localizadas em Pelotas, Rio Grande do Sul, em 2008. As quedas e fraturas decorrentes dessas foram investigadas a partir de autorrelato referente ao último ano. Sexo, idade, escolaridade, incapacidade funcional para atividades básicas da vida diária, tipo de financiamento da instituição e hospitalização no último ano foram coletados como potencias fatores associados à ocorrência de queda no último ano. Empregou-se o teste qui-quadrado para heterogeneidade e tendência linear e, na análise ajustada, a regressão de Poisson com variância robusta. RESULTADOS: Nas 24 ILPI incluídas no estudo, coletaram-se dados de 466 indivíduos. A prevalência de quedas no último ano foi de 38,9% (IC95%: 34,5 - 43,4. Dentre aqueles que caíram, as fraturas acometeram 19,2%. As fraturas mais frequentes foram: fêmur/quadril (43,3% e punho (10%. Na análise ajustada, o avanço da idade, apresentar incapacidade funcional em uma a cinco atividades da vida diária, residir em instituições públicas/filantrópicas e ter sido hospitalizado no último ano associaram-se à queda no último ano. CONCLUSÃO: A alta ocorrência de quedas e fraturas entre residentes de instituições de longa permanência para idosos revela a fragilidade da população avaliada. Atenção específica deve ser destinada a indivíduos mais velhos e hospitalizados no último ano. OBJECTIVE: To investigate the prevalence of falls and fractures over the past 12 months and associated factors among older adults living in long-term care. METHODS: Census of all long-term care located in the city of Pelotas, Brazil, in 2008. Falls over the past 12 months were assessed using the following question: "Over the last 12 months, have you fallen

  6. Análise radiográfica do tratamento cirúrgico da fratura cervical baixa por via posterior Evaluación radiográfica de la fijación posterior de la fractura de la columna cervical baja Radiographic evaluation of the posterior fixation in the subaxial cervical spine injury

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nelson Astur Neto

    2012-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliação da evolução radiográfica da lesão da coluna vertebral cervical tratada pela fixação posterior isolada. MÉTODOS: De 2000 a 2008 foram selecionados 23 pacientes que atenderam aos critérios de inclusão do estudo. Eram masculinos 91,3% e a idade média foi de 34 anos e quatro meses. O tempo de seguimento médio foi de 82 meses. Foi avaliado no exame de imagem pré-operatório, pós-operatório imediato e após seis meses de evolução o tipo de implante, a consolidação da artrodese, se houve soltura do implante, perda de redução, cifose segmentar, degeneração de nível adjacente e pseudartrose. RESULTADOS: Em relação ao método de síntese, 60,8% dos pacientes foram submetidos ao amarrilho interespinhoso, 26% à placa com parafusos de massa lateral e 13% à barra com parafusos de massa lateral. Dos pacientes submetidos à fixação com parafusos, nenhum apresentou complicações radiográficas e 35,7% dos pacientes submetidos à artrodese com amarrilho interespinhoso tiveram complicação, sendo a mais frequente a cifose segmentar. CONCLUSÃO: As lesões da coluna cervical submetidas a artrodese com parafuso de massa lateral apresentaram uma evolução radiográfica melhor do que as submetidas a fixação com amarrilho interespinhoso, tendo este último apresentado maior incidência de complicações na artrodese.OBJETIVO: Evaluación de la evolución radiológica de la lesión de la columna cervical tratada con fijación posterior aislada. MÉTODOS: De 2000 a 2008, se seleccionaron 23 pacientes que cumplían los criterios de inclusión del estudio. 91,3% eran varones y la edad media fue de 34 años y cuatro meses. El período de seguimiento promedio fue 82 meses. Se evaluó, en los exámenes de imágenes antes de la cirugía, inmediatamente después de la operación y después de seis meses de evolución, el tipo de implante, la consolidación de la artrodesis, si había aflojamiento del implante, la p

  7. Avaliação do torque para inserção, remoção e fratura de diferentes mini-implantes ortodônticos Evaluation of insertion, removal and fracture torques of different orthodontic mini-implants in bovine tibia cortex

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Fernanda Prates da Nova

    2008-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: avaliar, em mini-implantes de diferentes dimensões, os seguintes fatores: (a torque de inserção, (b torque de remoção, (c torque de fratura, (d tensão cisalhante, (e tensão normal e (f tipo de fratura. METODOLOGIA: foram utilizados 20 mini-implantes autoperfurantes, 10 da marca SIN e 10 da Neodent com, respectivamente, 8 e 7mm de comprimento, todos com 1,6mm de diâmetro. Dos 10 mini-implantes de cada marca, 5 não possuíam perfil transmucoso e 5 tinham perfil de 2mm, formando 4 grupos: SIN sem perfil (SSP, SIN com perfil (SCP, Neodent sem perfil (NSP e Neodent com perfil (NCP. Todos os mini-implantes foram inseridos em cortical óssea e removidos com micromotor acoplado a um torquímetro. Os mini-implantes foram, também, submetidos ao ensaio de fratura. Os torques de inserção, remoção e fratura, assim como a tensão cisalhante e normal calculadas, foram comparados entre todos os grupos pela ANOVA. O tipo de fratura foi avaliado em microscópio eletrônico de varredura. RESULTADOS: verificou-se que o grupo NCP apresentou torque de inserção significativamente maior que os demais grupos, porém todos fraturaram durante a inserção (n = 2 ou remoção (n = 3. Não houve diferença entre os grupos para o torque de remoção. Para o grupo NSP, o torque de fratura foi significativamente menor do que todos os outros grupos. Todos os mini-implantes sofreram fratura do tipo dúctil. CONCLUSÃO: uma vez que não houve diferença na resistência mecânica de ambas as marcas, variando apenas a forma, conclui-se que a resistência à fratura pode ser afetada por esta variável.AIM: The purpose of this study was to evaluate mini-implants with different dimensions for the following factors: (a insertion torque, (b removal torque, (c fracture torque, (d shear tension, (e normal tension and (f type of fracture. METHODS: Twenty self-drilling mini-implants were used, 10 from SIN and 10 from Neodent, with 1.6mm in diameter and with 8 and 7

  8. Relação entre qualidade de vida e fratura vertebral em mulheres idosas residentes no Sul do Brasil Relationship between quality of life and vertebral fractur in older women living in Southern Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patrícia Pereira de Oliveira

    2011-05-01

    Full Text Available OBJETIVO: Verificar a relação entre qualidade de vida e fratura vertebral em mulheres com mais de 60 anos em uma cidade do Sul do Brasil. MÉTODOS: Realizado estudo caso-controle com aplicação do questionário WHOQOL-bref em 100 mulheres residentes na cidade Chapecó (SC, com idade superior a 60 anos, na pós-menopausa de raça branca ou caucasoide, sem prejuízo cognitivo importante ou história pessoal doenças que sabidamente afetem o metabolismo ósseo ou neoplasias malignas. A população foi dividida em dois grupos dependendo da existência ou não de fraturas vertebrais na radiografia de coluna. Foram analisadas variáveis relacionadas à historia médica atual e pregressa, hábitos de vida e história familiar de fraturas, e os domínios e facetas que compõe o WHOQOL-bref. RESULTADOS: Observou-se que as mulheres com fratura tinham maior média de idade do que as sem fraturas (p0,05. Na avaliação dos domínios que compõem o WHOQOL-bref, a maior média deste grupo foi no psicológico (..=63,6±13,0, e a menor no meio ambiente (..=58,8±9,3. No grupo sem fratura, a maior média também ocorreu no domínio psicológico (..=67,2±9,3, já a menor ocorreu no das relações sociais (..=57,5±7,7. A análise estatística não mostrou correlação significativa entre as médias das facetas que compõem os domínios entre os grupos com e sem fraturas. CONCLUSÃO: Este estudo sugere não haver prejuízo na qualidade de vida de idosas com fratura vertebral, mas sua relação com o tempo de ocorrência e gravidade das fraturas deve ser melhor avaliada. Ambos grupos tiveram escores mais elevados no domínio psicológico, mostrando que as entrevistadas se apóiam em crenças pessoais, espiritualidade e religião, aceitam sua aparência física mantendo a autoestima e a capacidade de pensar, aprender e concentrar-se, independentemente da existência do agravo. Não houve diferença estatisticamente significativa entre os grupos, e nem entre os

  9. There Is No Structural Relationship between Nasal Septal Deviation, Concha Bullosa, and Paranasal Sinus Fungus Balls

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tung-Lung Tsai

    2012-01-01

    Full Text Available This study aims to determine the relationship between nasal septal deviation, concha bullosa, and chronic rhinosinusitis by using a definitive pathological and simplified model. Fifty-two consecutive sinus computed tomography scans were performed on patients who received endoscopic sinus surgery and whose final diagnosis was paranasal sinus fungus balls. The incidences of nasal septal deviation and concha bullosa for patients diagnosed with paranasal sinus fungus balls among the study group were 42.3% and 25%, respectively. About 63.6% sinuses with fungus balls were located on the ipsilateral side of the nasal septal deviation, and 46.2% were located on the ipsilateral side of the concha bullosa. When examined by Pearson’s chi-square test and the chi-squared goodness-of-fit test, no significant statistical difference for the presence of paranasal sinus fungus balls between ipsilateral and contralateral sides of nasal septal deviation and concha bullosa was noted (P=0.292 and P=0.593, resp.. In conclusion, we could not demonstrate any statistically significant correlation between the location of infected paranasal sinus, the direction of nasal septal deviation, and the location of concha bullosa, in location-limited rhinosinusitis lesions such as paranasal sinus fungal balls. We conclude that the anatomical variants discussed herein do not predispose patients to rhinosinusitis.

  10. Fixação esquelética externa em fratura tarsometatársica de seriema (Cariama cristata: relato de caso External skeletal fixation in tarsumetatarsus fracture of red-legged seriema (Cariama cristata: a case report

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    B.B.J. Torres

    2007-02-01

    Full Text Available Uma seriema (Cariama cristata adulta foi atendida com histórico de traumatismo por tentativa de captura. A ave apresentava dificuldade de apoio do membro pélvico direito, dor à manipulação e fratura exposta do osso tarsometatarso. Optou-se pelo tratamento cirúrgico com redução fechada, utilizando-se fixador esquelético externo tipo II, com barra de conexão acrílica. A técnica cirúrgica utilizada foi satisfatória para o tratamento da fratura, possibilitando reparação óssea e retorno funcional do membro 60 dias após a cirurgia.An adult red-legged seriema (Cariama cristata was referred for examination with history of trauma by capture. The physical examination revealed lameness in the right pelvic limb, sensibility to touch and open fracture of tarsumetatarsus. The treatment was done with surgical closed reduction using a external skeletal fixator type II with acrylic connecting bar. The surgical technique applied was satisfactory for the treatment of the fracture of tarsumetatarsus, since there was bone healing and functional return of the limb at 60 days after surgery.

  11. Redução fechada e fixação esquelética externa tipo II para o tratamento de fraturas de tibiotarso em pombos domésticos (Columba livia Closed reduction and type-II external skeletal fixation for treatment of tibiotarsus fractures in domestic pigeons (Columba livia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcelo Meller Alievi

    2001-12-01

    Full Text Available A redução fechada e o fixador esquelético externo tipo II foram avaliados para o tratamento de fraturas de tibiotarso em pombos domésticos (Columba livia. Foram utilizadas doze aves adultas. Os pombos foram anestesiados com a associação de xilazina e cetamina e, em seguida, foi realizada fratura do tibiotarso direito através de pressão digital sobre a diáfise do membro. Quatro pinos de Kirschner, dois proximais e dois distais ao foco da fratura, foram inseridos através de ambas as corticais ósseas e, após redução fechada da fratura, conectados externamente por duas barras de acrílico autopolimerizável, uma na face lateral e outra na face medial do membro. Em cinco aves, foi observado radiograficamente desvio ósseo angular, porém, a função do membro não foi afetada. O tempo médio e o desvio padrão para a cicatrização óssea foram 24,8 ± 4,89 dias. Os resultados demonstram que a redução fechada e o fixador esquelético externo tipo II são efetivos para o tratamento de fraturas de tibiotarso em pombos domésticos (Columba livia.The aim of this study was to evaluate the use of closed reduction and type-II external skeletal fixation for treatment of tibiotarsus fractures in domestic pigeons (Columba livia. Twelve adult domestic pigeons were used. Anesthesia was induced with xylazine and ketamine hydrochloride; the right tibiotarsus was manually fractured by digital pressure applied at the mid-diaphysis. Four Kirschner wires were placed through both cortices of the bone, two proximal and two distal to the fracture site, and, after closed reduction of the fracture, they were stabilized by two acrilic bars, one in the lateral and another in the medial surface of the tibiotarsus. Abnormalities in bone angulation were observed radiographically in five birds; however, the function of the limb was not noticeably impaired. The mean time ± standard deviation for fracture healing was 24.8 ± 4.89 days. The results of this

  12. Terapêutica interdisciplinar para fratura cominutiva de côndilo por projétil de arma de fogo: enfoque miofuncional Interdisciplinary approach for comminuted condyle fracture of by firearms: myofunctional focus

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Esther Mandelbaum Gonçalves Bianchini

    2010-10-01

    Full Text Available TEMA: ferimentos causados por projéteis de arma de fogo apresentam alta incidência na região da cabeça e face. A articulação temporomandibular pode estar envolvida, além de estruturas anatômicas importantes como o nervo facial, necessitando de equipe multidisciplinar para efetuar tratamento adequado. PROCEDIMENTOS: apresentação de caso clínico de fratura condilar cominutiva causada por projétil de arma de fogo tratado de forma não-cirúrgica associado à terapia miofuncional orofacial. Paciente encaminhado para avaliação e procedimentos fonoaudiológicos após conduta da equipe de cirurgia bucomaxilofacial, sem remoção do projétil, alojado superficialmente, próximo da origem do músculo esternocleidomastóideo à direita, com fratura condilar cominutiva e lesão do nervo facial. Foram aspectos observados em avaliação: mordida aberta anterior, importante redução da amplitude dos movimentos mandibulares com desvios para o lado acometido, ausência de lateralidade contralateral, dor muscular, paralisia e parestesia em terço médio e superior da hemiface direita. Realizadas sessões de terapia miofuncional seguindo protocolo específico para traumas de face constando de: drenagem de edema; manipulações na musculatura levantadora da mandíbula ipsilateral; ampliação e correção dos movimentos mandibulares; procedimentos específicos referentes à paralisia facial e reorganização funcional direcionada. RESULTADOS: após oito semanas de terapia os resultados obtidos mostram restabelecimento de amplitude e da simetria dos movimentos mandibulares, reorganização da mastigação, adequação da deglutição e fala, remissão da sintomatologia dolorosa e remissão da paralisia do terço médio. CONCLUSÃO: o tratamento conservador da fratura por meio da terapia miofuncional orofacial resultou na reabilitação funcional da mandíbula e face dirigindo os movimentos e estimulando a adequação das funções estomatogn

  13. Risk factors for osteoporotic fractures and low bone density in pre and postmenopausal women Factores de riesgo para fractura por osteoporosis y baja densidad ósea en mujeres en la pre y post menopausia Fatores de risco para fratura por osteoporose e baixa densidade óssea em mulheres na pré e pós-menopausa

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcelo M Pinheiro

    2010-06-01

    Full Text Available OBJECTIVE: To estimate the prevalence and analyze risk factors associated to osteoporosis and low-trauma fracture in women. METHODS: Cross-sectional study including a total of 4,332 women older than 40 attending primary care services in the Greater São Paulo, Southeastern Brazil, between 2004 and 2007. Anthropometrical and gynecological data and information about lifestyle habits, previous fracture, medical history, food intake and physical activity were obtained through individual quantitative interviews. Low-trauma fracture was defined as that resulting from a fall from standing height or less in individuals 50 years or older. Multiple logistic regression models were designed having osteoporotic fracture and bone mineral density (BMD as the dependent variables and all other parameters as the independent ones. The significance level was set at pOBJETIVO: Estimar la prevalencia y analizar los factores de riesgo asociados con osteoporosis y fractura por bajo impacto entre mujeres. MÉTODOS: Estudio transversal realizado con 4.332 mujeres encima de 40 años de edad provenientes de atención primaria de salud en el área metropolitana de la gran Sao Paulo, SP, entre 2004 2007. Datos antropométricos y ginecológico y relativos a hábitos de vida, fractura previa, antecedentes personales, ingestión alimentaria y actividad física fueron evaluados por medio de entrevista individual y cuantitativa. Fractura por bajo impacto fue definida como decurrente de caída de la propia altura o menos en individuos con más de 50 años de edad. Modelos de regresión multivariada y logística analizaron, respectivamente, la densidad ósea y la fractura por osteoporosis, como variables dependientes y todas las otras como independientes. El nivel de significancia estadística establecido fue pOBJETIVO: Estimar a prevalência e analisar os fatores de risco associados com osteoporose e fratura por baixo impacto entre mulheres. MÉTODOS: Estudo transversal realizado

  14. Demência como fator de risco para fraturas graves em idosos Dementia as risk factor for severe bone fractures among the elderly

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aline de Mesquita Carvalho

    2002-08-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: As quedas entre pessoas idosas constituem importante problema de saúde pública devido à sua alta incidência, às complicações para a saúde e aos altos custos assistenciais. O estudo realizado visa a estimar a associação entre demência e ocorrência de quedas e fraturas entre idosos. MÉTODOS: Foi conduzido estudo caso-controle de 404 indivíduos com 60 ou mais anos de idade, da cidade do Rio de Janeiro, Brasil. Casos e controles foram pareados por idade, sexo e hospital. Os dados foram coletados por meio de entrevista estruturada com os idosos. Foram considerados portadores de quadro demencial idosos cuja pontuação no questionário BOAS fosse superior a dois. Foram obtidos odds ratios (OR ajustados por fatores potenciais de confusão, utilizando-se regressão logística condicional. RESULTADOS: As quedas distribuíram-se igualmente entre os períodos da manhã, tarde e noite, havendo uma redução em sua freqüência durante a madrugada. Acidentaram-se dentro de casa 78% dos idosos com demência, contra 55% daqueles sem essa doença. O OR não-ajustado para a associação entre demência e fratura grave foi de 2,0 (IC95%, 1,23-3,25. Após o ajuste por fatores de confusão, houve uma pequena redução dessa associação (OR=1,82, 1,03-3,23. CONCLUSÃO: Idosos com quadro demencial apresentam maior risco de caírem e ser hospitalizados por fratura do que idosos sem demência. Tal fato implica a necessidade de cuidados especiais com esses indivíduos, visando a minimizar o risco desses acidentes.INTRODUCTION: Falls among elderly represent an important public health concern due to its high incidence, health implications, and medical care costs. The study aims to assess the association between dementia and bone fracture risk after falls among the elderly. METHODS: A case-control of 404 subjects aged 60 years old or more living in Rio de Janeiro, Brazil, was carried out. Cases and controls were matched by age, sex, and

  15. Osteossíntese com parafuso intramedular nas fraturas proximais do quinto metatarsiano do atleta Intramedullary screw fixation of proximal fifth metatarsal fractures in athletes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marta Maria Teixeira de Oliveira Massada

    2012-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar os resultados clínicos e radiológicos da osteossíntese com parafuso de compressão intramedular nas fraturas proximais do quinto metatarsiano no atleta. MÉTODOS: Foram incluídos no estudo 11 homens e seis mulheres com diagnóstico de fratura das zonas II e III do quinto metatarsiano. Quinze dos pacientes praticavam esporte a nível profissional ou de alto rendimento (futebol: n=11; basquetebol: n=1; atletismo: n=3 e dois praticavam atividade esportiva regular a nível recreacional. Foram submetidos a fixação cirúrgica com parafuso canulado de compressão (4.5mm de diâmetro. Todos os pacientes foram avaliados clinicamente e através da revisão do processo clínico e dos estudos imagiológicos. O tempo médio de seguimento após a cirurgia foi 54 meses (38-70. RESULTADOS: O tempo médio de consolidação (como demonstrado pelo estudo radiológico e de retorno à atividade esportiva foi 7.3 e 7.5 semanas, respectivamente. Todos os atletas retornaram aos níveis de atividade prévios. Não verificamos atrasos de consolidação, não-união ou refraturas à data do estudo. CONCLUSÃO: A osteossíntese com parafuso de compressão intramedular nas fraturas proximais do quinto metatarsiano demonstrou, nos nossos pacientes, ser um procedimento eficaz com taxas de morbilidade muito reduzidas e que permite ao atleta um retorno precoce à atividade esportiva. Nível de evidência I, Série de Casos.OBJECTIVE: The purpose of this study was to review the short- and long-term clinical and radiological results of intramedullary compression screw fixation of proximal fifth metatarsal fractures in athletes. METHODS: Eleven male and six female active patients with fifth metatarsal zone II and zone III fractures fixed with a 4.5-mm cannulated compression screw were evaluated by chart review, review of radiographs, and clinical evaluation. Fifteen of the patients were high-level athletes (soccer: n=11; basketball: n=1; track and field: n

  16. Dispositivo de tração do membro superior para osteossínteses intramedulares bloqueadas anterógradas de fraturas diafisárias de úmero Upper limb traction device for anterograde intramedullary locked nail of humeral shaft fractures

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mário Chaves Corrêa

    2010-06-01

    Full Text Available As fraturas diafisárias de fêmur e tíbia no adulto são, na sua maioria, tratadas cirurgicamente, geralmente através de osteossínteses intramedulares bloqueadas. Algumas fraturas diafisárias cominutivas e/ou muito desviadas podem representar um verdadeiro desafio técnico. As mesas de fraturas (ou ortopédicas, que permitem a estabilização instrumental vertical, horizontal e rotacional do membro, facilitam enormemente as manobras de redução e de colocação do implante e são amplamente utilizadas pelos cirurgiões ortopédicos. As fraturas diafisárias de úmero são, na sua maioria, tratadas não cirurgicamente. Entretanto, algumas requerem o tratamento cirúrgico, cujas indicações estão bem definidas na literatura. Podem ser fixadas através de placas ou de hastes intramedulares por via anterógrada ou retrógrada. No úmero, as manobras de redução da fratura e estabilização do membro para a implantação da haste intramedular são realizadas manualmente, geralmente por dois auxiliares e, por serem sujeitas à fadiga muscular, podem ser menos eficientes. O objetivo deste trabalho é apresentar um dispositivo externo de tração do membro superior para utilização em osteossínteses intramedulares bloqueadas anterógradas de fraturas diafisárias de úmero que permite a estabilização vertical, horizontal e rotacional do membro superior, de maneira similar àquela utilizada para os membros inferiores. O dispositivo é portátil, de construção simples, e pode ser instalado em qualquer mesa cirúrgica equipada com trilhos laterais. Foi utilizado no tratamento cirúrgico de 29 fraturas diafisárias de úmero com haste intramedular bloqueada anterógrada. Nossa experiência foi extremamente positiva. Não tivemos nenhuma complicação relacionada à sua utilização, que acreditamos ter facilitado, de maneira notável, os procedimentos cirúrgicos.Diaphyseal fractures of the femur and tibia in adults are mostly treated

  17. Avaliação epidemiológica e radiológica das fraturas diafisárias do fêmur: estudo de 200 casos Epidemiological and radiological evaluation of femoral shaft fractures: study of 200 cases

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Frederico Barra de Moraes

    2009-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: avaliar as características epidemiológicas e radiológicas dos casos de fratura diafisárias de fêmur, ocorridos de 1990 a 2005, tratados cirurgicamente no Hospital de Acidentados - Clínica Santa Isabel - de Goiânia, Goiás, com o propósito de contribuir para o melhor planejamento de medidas preventivas e terapêuticas a adotar em relação a essas fraturas. MÉTODOS: Foram avaliados retrospectivamente 200 prontuários e radiografias seriadas de pacientes com fraturas diafisárias do fêmur. Não foram incluídos os pacientes com menos de 10 anos de idade, pois o tratamento para esse grupo foi conservador. Foram descartados 25 prontuários por não fornecer todos os dados necessários ao estudo. Os pacientes foram analisados quanto ao sexo, idade, lado da fratura, exposição óssea, mecanismos de trauma, classificação das fraturas, traumas associados, tempo de consolidação e tipos de fixação cirúrgica. A análise estatística foi feita pelos testes do qui-quadrado, exato de Fisher" e t de Student, considerando significância quando p OBJECTIVE: to evaluate epidemiological and radiological characteristics of the femoral shaft fractures, surgically treated from 1990 to 2005 at Hospital de Acidentados - Clínica Santa Isabel - in Goiânia, Goiás, aiming to contribute to better preventive and therapeutic measures planning to adopt on those fractures. METHODS: 200 patients' files and x-rays with femoral shaft fractures have been retrospectively evaluated. Patients below the age of 10 years were not included because the treatment for this group was conservative. 25 files have been discarded for not supplying all the necessary data to the study. The patients were assessed for sex, age, side of the fracture, bone exposure, mechanisms of trauma, classification of the fractures, associated trauma, time for bone healing and types of surgical devices. Statistic analyses were made by chi-squared, Fisher and Student's-t tests

  18. All concha bullosa: an undefined abnormality of the lateral nasal wall.

    Science.gov (United States)

    Toplu, Yuksel; Bayindir, Tuba; Karatas, Erkan; Akarcay, Mustafa

    2013-01-01

    Pneumatization of the turbinates, are the anatomic variations of lateral nasal wall. Turbinate pneumatization, refers to the existence of air cell inside the turbinates. Pneumatization of the middle turbinate is common, whereas rare in the superior and especially inferior turbinate. In this report we presented a case who has bilaterally pneumatization of all conchas.

  19. Fratura toracolombar explosão: confiabilidade do método de guerra na análise tomográfica Thoracolumbar burst fracture: reliability of the guerra's method on tomographic analysis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Osmar Avanzi

    2009-01-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Avaliar as características do fragmento retropulsado nas fraturas explosão da coluna toracolombar, de acordo com dois examinadores independentes no plano sagital da TAC e correlacionar estes achados com a presença de déficit neurológico. MATERIAL E MÉTODOS: Coleta retrospectiva de dados de prontuário e TC em 138 pacientes com fratura toracolombar do tipo explosão internados no nosso serviço entre 1983 e 2004. RESULTADOS: Observamos correlação significante entre dois examinadores independentes (pOBJECTIVES: The objective of the current study was to evaluate the correlation between neurological deficits and the characteristics of retropulsed fragment into the spinal canal in patients with thoracolumbar burst fractures. MATERIAL AND METHODS: From 1983 to 2004, 135 patients with thoracolumbar burst fractures according to Denis' criteria were evaluated at a tertiary teaching institution by two different observers. CT-Scans of the fractured spine were analyzed in order to assess the narrowing of the spinal canal. Neurological deficit was evaluated by using the Franke's classification. RESULTS: A significant correlation was found between two independent observers (P<0.05. The observed characteristics of the retropulsed fragment into the spinal canal were: triangular form, rotation dislocation with average of 20 degrees and cranial dislocation with average of eight millimeters. There was no statistical correlation between neurological deficits and the characteristics of retropulsed fragment of the spinal canal. CONCLUSION: There was no statistical correlation between neurological deficits and the characteristics of retropulsed fragment of the spinal canal.

  20. Fraturas do anel pélvico: estudo epidemiológico Pelvic ring fractures: epidemiological study

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alceu Gomes Chueire

    2004-03-01

    Full Text Available De fevereiro de 2000 a setembro de 2001, 84 pacientes apresentando fratura do anel pélvico foram avaliados, segundo determinado protocolo aplicado. Houve predomínio do sexo masculino (67%, a maioria dos pacientes eram brancos (86% e a idade média foi de 37 anos. Quanto ao tipo de acidente, os mais freqüentes foram os relacionados ao trânsito (58% - carro, moto e atropelamento - pacientes vítimas de traumas de alta energia. As fraturas foram classificadas de acordo com Tile(13 em estáveis, em 55% (fraturas do tipo A; rotacionalmente instáveis, em 30% (fraturas do tipo B e rotacional e verticalmente instáveis, em 15% (fraturas do tipo C. A fratura mais freqüentemente encontrada foi a dos ramos isquiopúbicos. O tratamento cirúrgico foi realizado em 29% dos pacientes. Houve necessidade de transfusão sangüínea em 20% dos pacientes, utilizando-se uma média de cinco unidades de sangue total; exceto dois pacientes (2,4% com lesão arterial intra pélvica que necessitaram mais de 10 unidades de sangue nas primeiras 48 horas. A mortalidade foi de sete por cento tendo relação significativa com traumas extra pélvicos.From February 2000 to September 2001, 84 patients with pelvic fractures were assessed, using a determined protocol. There were more men (67% than women. Most of the patients were white (86% and the average was 37 years of age. The most frequent accident was reported to have been traffic accidents (58% such as motor vehicle, motorcycle and running over - victims of high-energy injuries. The pelvic ring fractures were classified according to Tile (13 as stable in 55% (type A injury, as rotationally unstable in 30% (type B injury and as unstable in translation in 15% (type C injury. The most frequent lesion affecting the pelvic girdle was the isquiopubic bones fracture (transpubic instability. The overall rate of operative stabilization was 29%. An average of five units of total blood transfusion was required in 20% of the

  1. Miniplacas de titânio na redução de fraturas mandibulares em cães e gatos: estudo de seis casos Titanium miniplates in mandibular fracture repair in dogs and cats: study of 6 cases

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristiano Gomes

    2010-05-01

    Full Text Available Fraturas de mandíbula e maxila são comuns em cães e gatos, correspondendo a cerca de 3 a 6% de todas as fraturas. Muitos tratamentos são propostos para a correção desse defeito, como o uso de pino intramedular, a fixação esquelética externa, a cerclagem e o uso de acrílicos e placas ósseas. Este estudo teve como objetivo avaliar o uso das mini e microplacas de titânio do sistema 2,0 e 1,5mm no tratamento de fraturas mandibulares, em cães e gatos, respectivamente. Os parafusos e as miniplacas utilizadas são compostos de titânio, e o formato dependeu da localização e do tipo de fratura. No total, foram avaliados seis casos, dos quais quatro apresentaram completa consolidação, sendo as placas utilizadas como método único ou associado com fio de aço ou imobilização com focinheira. As causas de insucesso foram a quebra da placa em um dos casos e a contaminação do enxerto, com posterior osteomielite em decorrência da deiscência dos pontos em outro caso. O emprego das miniplacas de titânio mostrou-se eficaz na maioria dos casos testados, promovendo fixação rígida e retorno funcional adequado, sendo utilizado como método único ou associado com outras técnicas de osteossíntese.Jaw and maxilla fractures are common in dogs and cats, representing 3-6% of all fractures. Numerous techniques are proposed to reduce the defect such as intramedullary pin, percutaneous skeletal fixation, circumferential wiring, acrylic splints and bone plating. This study aimed to evaluate the use of 2.0mm and 1.5mm titanium microplates in the treatment of mandibular fractures in dogs and cats, respectively. The screws and the mini and microplates used were composed of titanium and their format depended on the location and type of fracture. A total of 6 cases were selected and 4 of them had complete consolidation using the mini microplate method alone or associated with steel wire or tie with noseband. In one case the failure occurred due to

  2. Parafusos bioabsorvíveis na reparação de fraturas experimentais de sesamóides proximais em eqüinos Bioabsorbable screws in the healing of experimentally induced fractures of the proximal sesamoid bone in horses

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcelo Damas Pyles

    2007-10-01

    Full Text Available Avaliou-se a eficácia dos implantes bioabsorvíveis de ácido polilático na fixação interna de fraturas induzidas no osso sesamóide proximal de eqüinos. Osteossínteses foram realizadas em oito eqüinos, distribuídos em dois grupos de quatro animais conforme o implante: aqueles que receberam implantes bioabsorvíveis formaram o grupo GI e os que receberam implantes metálicos do grupo GII. O monitoramento radiográfico foi realizado no 30° dia (D30, no 60° dia (D60, no 90° dia (D90 e no 120o dia (D120 pós-operatório. Ao exame radiográfico no D30, observou-se preenchimento do foco de fratura de aspecto radiopaco, porém com densidade reduzida nos animais do grupo GII. Tal preenchimento às análises clínica e radiográfica apresentou qualidade superior no grupo GI, quando comparado com o grupo GII. No D120, observou-se, nos animais de ambos os grupos, ao exame radiográfico, o preenchimento do foco de fratura por tecido radiopaco, indicando a reparação da fratura em sua quase totalidade. Contudo, no GI, observaram-se pontos de esclerose ao redor do implante bioabsorvível e, ao exame físico, ausência de claudicação e, nos animais do GII, diminuição da flexão metacarpo-falangeana e claudicação de grau I. Os implantes bioabsorvíveis de PLLA mostram-se eficazes na fixação interna de fraturas induzidas dos ossos sesamóides proximais de eqüinos; os animais submetidos à redução da fratura com implantes bioabsorvíveis apresentaram ao final do experimento grau de claudicação menor quando comparados com os animais que receberam implantes metálicos. À análise radiográfica, os implantes bioabsorvíveis de PLLA possibilitaram remodelamento ósseo de melhor qualidade, quando comparados com os implantes metálicos.This study evaluated the efficacy of bioabsorbable polylactic acid implants in internal fixation of induced fractures of the proximal sesamoid bone in horses. Eight horses underwent osteosynthesis; four

  3. "Avaliação clínica do tratamento restaurador em pacientes adultos da disciplina de Clínica integrada da Faculdade de Odontologia da Universidade de São Paulo"

    OpenAIRE

    Cintia Santoro

    2004-01-01

    Avaliaram-se clinicamente e por meio de radiografias interproximais, 558 restaurações de amálgama e 81 de resina composta em dentes posteriores, em 96 pacientes adultos atendidos na disciplina de Clínica Integrada da Faculdade de Odontologia da Universidade de São Paulo. Foram registrados os seguintes critérios: cárie secundária, falta de integridade marginal, falta de contato interproximal, condição da superfície oclusal das restaurações, falta de material restaurador, presença de fratura da...

  4. Fraturas supracondilares tipo III do úmero em crianças: tratamento com braço reto Type III supracondylar fractures of the humerus in children: straight-arm treatment

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jamish Gandhi

    2010-01-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: As fraturas supracondilares de Gartland tipo III são as lesões comuns em crianças. Apresentamos um método de redução manipulativa, imobilização e fixação usando gesso-de-Paris, com o cotovelo em extensão total (braço reto. MÉTODO: Estudo retrospectivo analisando todos os pacientes com fraturas supracondilares de Gartland tipo III no Wellington Public Hospital, durante o período de fevereiro de 1999 a março de 2007. Os sete pacientes foram tratados pela técnica do braço reto, e os desfechos clínicos foram revisados neste estudo. RESULTADO: Todos os pais ficaram satisfeitos com os resultados. Usando os critérios de Flynn,6 seis pacientes atingiram excelentes resultados e um teve resultado bom quando se analisou o ângulo de alinhamento. Ao verificar a amplitude de movimento, quatro pacientes tiveram resultados bons, um moderado e dois, ruim. CONCLUSÃO: O tratamento com braço reto das fraturas supracondilares de Gartland tipo III parece ser uma alternativa não-invasiva e segura da fixação com fio K.OBJECTIVE: Gartland type III supracondylar fractures are a common injury in children. We present a method of manipulative reduction, immobilization and fixation using Plaster of Paris with the elbow in full extension (straight-arm. METHOD: Retrospective study analyzing all patients with Gartland type III supracondylar fractures at the Wellington Public Hospital during the period from February 1999 to March 2007. The seven patients had been treated with the straight-arm technique, and the clinical outcomes are reviewed in this study. RESULT: All the parents were satisfied with the results. Using the Flynn criteria6, six patients achieved excellent results and one good, in relation to the carrying angle. With regard to the range of motion, four patients had good results, one fair, and two poor. CONCLUSION: Straight-arm treatment of Gartland type III supracondylar fractures appears to be a non-invasive and safe

  5. Influência do componente protéico na consolidação de fraturas: trabalho experimental em ratos Influence of the protein component upon fracture healing: an experimental study in rats

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roberto Guarniero

    2003-12-01

    Full Text Available Os autores estudaram a influência da nutrição protéica na consolidação de fraturas em 40 ratos Lewis divididos em 4 grupos de 10. Durante 6 semanas os grupos 1, 2 e 3 receberam respectivamente dietas com 0, 19% e 36% de proteínas. O grupo 4 recebeu dieta sem proteínas durante as 2 primeiras semanas e com 36% de proteínas nas 4 semanas seguintes. Foram realizadas fraturas nas tíbias esquerdas ao final de 2 semanas e após 4 semanas das fraturas os animais foram sacrificados para estudo dos calos ósseos. Para a avaliação dos resultados foram utilizadas medidas clínicas, bioquímicas, radiográficas, densitométricas, e histomorfométricas. Concluiu-se que a dieta hiperprotéica alterou a consolidação óssea produzindo um calo maior e mais resistente, mas não alterou a qualidade em concentração de cálcio e em porcentagem a quantidade de tecido ósseo.The authors investigated the influence of a protein diet on fracture healing in 40 Lewis rats divided into four groups of ten. During 6 weeks, Groups 1, 2 and 3 were fed diets containing, respectively, 0.19% and 36% protein. Group 4 was fed a proteinless diet during the first two weeks and a 36%-protein diet during the next 4 weeks. At two weeks, fractures were performed in the left tibias; all animals were killed 4 weeks later so that the bone calluses could be investigated. Clinical, biochemical, radiographic, densitometry and histomorphometry measurements were performed to evaluate the findings. The conclusion was that the hyperprotein diet altered bone healing by producing a larger, more resistant callus, although it did not change quality as regards calcium levels and the percentage amount of bone tissue.

  6. Avaliação do efeito do Risedronato Sódico na consolidação de fraturas: estudo experimental em ratos The evaluation of the Sodic Risedronate effect in the fractures consolidation: experimental study with rats

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Antonio Alcântara de Oliveira

    2004-06-01

    Full Text Available Realizou-se um estudo experimental com 40 ratos da raça Lewis visando-se avaliar a influência do risedronato sódico na consolidação de fraturas em animais submetidos à dieta aprotéica e dieta protéica, divididos aleatoriamente em quatro grupos, com 10 animais em cada grupo, assim constituídos: grupo I, com dieta protéica, sem risedronato (grupo controle; grupo II, dieta protéica, com risedronato; grupo III, dieta aprotéica, sem risedrionato; grupo IV, dieta aprotéica, com risedronato. Os ratos foram submetidos a fraturas semelhantes, no 15º dia e à eutanásia no 43º dia do experimento. As variáveis analisadas incluíram a evolução ponderal, avaliação radiográfica, densitometria óssea, avaliação histomorfométrica do calo ósseo, dosagens sanguíneas de cálcio, fósforo, fosfatase alcalina, proteínas totais, albumina e osteocalcina. Concluiu-se que o risedronato exerceu influência positiva no processo de consolidação de fraturas em ratos nutridos e desnutridos, e aumentou a densidade mineral óssea. O risedronato ocasionou a formação de tecido ósseo maduro de melhor qualidade e morfologia.A experimental study with 40 rats of the Lewis type was done focusing the influence of sodic risedronate on fractures consolidation in the animals. They were submitted to a protein nutrition diet to a non-protein one, divided randomly in four groups, having 10 animals in each group. Like this: group 1, with a protein nutrition diet, without risedronate (control group; group II, protein nutrition diet t with risedronate , group III, non-protein diet, without risedronate; group IV, non-protein diet with risedronate. The rats were submitted to similar fractures, on the 15º day and to the euthanasia on the 43º of the experiment. The variability analyzed included the ponderous evaluation, radiographic evaluation, the bone densitometry, histomorphometric bone callus evaluation, blood dosage of calcium, phosphorus, alkaline

  7. Employment of the adhesive buthyl-2-cyanoacrylate in the fixation of bone fragments in femural fractures in dogs. Radiologic study; Emprego de adesivo butil-2-cianoacrilato na fixaçäo de esquírolas em fraturas de fêmur de cäes. Aspectos radiológicos

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Borges, A. P.B.; Rezende, C. M.F.; Sampaio, R.; Oliveira, H. P.; Ponpermayer, L. G.

    1992-02-15

    The butyl-2-cyanoacrylate adhesive was utilized in the fixation of bone fragments in femoral fractures in 30 clinically healthy dogs of both sexes. All animals were anesthetized with sodium pentobarbital and the left femur exposed and fractured at the middle third of the bone. A triangular bone fragment, approximately of 2.0 cm in length was taken off from the proximal fragment of the femur. The fracture was immediately reduced and immobilized using an intramedular Steinman pin. The bone fragment was then reintroduced in the same position and glued on with the adhesive butyl-2-cyanoacrylate, applied in droplets at a distance of 8 mm approximately. Healing was assessed through radiographs at 10 day intervals, when it was observed, in all animals, the bone fragment in place right after the surgical procedure. At the end of the experiment 6.67% of animals showed the bone fragment shifted from the focus of fracture. In 30% of the animals the fracture did not consolidate [Portuguese] O adesivo butil-2-cianoacrilato foi empregado na fixaçäo de esquírolas, em fraturas de fêmur de 30 cäes clinicamente sadios, de ambos os sexos. Os animais foram anestesiados com pentobarbital sódico e tiveram o fêmur esquerdo exposto e fraturado no seu terço médio. Uma esquírola, de aproximadamente 20 mm e de forma triangular, foi retirada do fragmento proximal do fêmur. A fratura foi imediatamente reduzida e imobilizada, utilizando-se pino intramedular de Steinmann. A esquírola foi recolocada em oposiçäo e fixada pelo adesivo butil-2-cianoacrilato, aplicado em gotículas, espaçadas cerca de 8 mm. A consolidaçäo foi avaliada através de radiografias (crânio-caudal e médio-lateral) a intervalos de 10 dias, onde observou-se, em todos os animais, a esquírola em oposiçäo logo após o ato cirúrgico. No final do experimento observou-se, em 6,6//dos casos, a esquírola afastada do foco da fratura. Em 30//dos animais näo houve consolidaçäo da fratura.

  8. Haste bloqueada "Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto": experiência clínica no tratamento das fraturas femorais Ribeirão Preto school of medicine locking nail: clinical experience in the femoral fractures treatment

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernando Mendes Paschoal

    2000-12-01

    Full Text Available Uma série de 103 casos de fraturas diafisárias complexas do fêmur foram tratadas com a haste intramedular bloqueada FMRP, no período de maio de 1987 a dezembro 1995. Das 103 fraturas, 67 eram cominutivas, 12 bifocais (segmentar, 4 espirais, 13 proximais e 21 distais, instáveis, rotacionalmente, da diáfise femoral. Do total dos casos, constatou-se 97 bloqueios estáticos e 6 dinâmicos. Dessas 97 estáticas, 7 foram dinamizadas durante a evolução. Clínica e radiográficamente a consolidação ocorreu em 97,09% dos casos, com média de 16,72 semanas e em 3 casos não houve consolidação. Houve 4 casos de infecção suspeita e 3 estabelecidas que foram debeladas e evoluíram para consolidação. Houve 81 casos de encurtamentos que variaram entre 0,5 a 4 cm com média de 1 cm. O encurtamento menor ou igual a 2 cm ocorreu em 73 casos. Desvio de alinhamento em qualquer plano acima de 10 º e igual a 15º foi observado em 8 pacientes. Houve 10 casos de deformidades rotacionais, porém nenhum caso acima de 10º. A incidência de infecção foi baixa e a de consolidação alta. A estabilização dessas fraturas complexas permitiu imediata mobilização do paciente, reabilitação precoce do membro e diminuição da permanência hospitalar, excetuando os politraumatizados. A haste FMRP permitiu o tratamento dessas fraturas sem o uso de intensificador de imagens e de fresas flexíveis com baixo custo operacional. Os resultados foram semelhantes aos obtidos com as hastes intramedulares bloqueadas que necessitam de aparelhagem técnica mais sofisticada, porém com vantagens para o paciente e a equipe cirúrgica.A series of 103 cases of complex femoral fracture were treated with FMRP (Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto nail. These fractures were treated from May 1987 until December 1995. From the 103 fractures, 67 were cominutive, 12 bifocal (segmental, 4 spiral, 13 proximal e 21 distal and unstable rotationaly. From the total of cases, 97

  9. Otimização do processo de nitrificação com o uso de conchas de ostras como material suporte em reatores aeróbios com biomassa fixa

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Elisa Magri

    2013-06-01

    Full Text Available A preservação dos mananciais de água traz como ponto de atuação primordial o tratamento dos esgotos sanitários a nível terciário. A partir daí destaca-se a necessidade de otimizar os sistemas de remoção de nutrientes, buscando-se processos mais estáveis, economicamente viáveis e ambientalmente sustentáveis. O objetivo desta pesquisa foi avaliar conchas de ostras como material de preenchimento em um biofiltro aerado submerso, assumindo-se a hipótese de que as mesmas podem interagir com a fase líquida do reator, fornecendo alcalinidade necessária à estabilidade do processo de nitrificação autotrófica. Uma série de condições operacionais foi avaliada visando à nitrificação; portanto, foi possível concluir que, no biofiltro aerado submerso com conchas de ostras, podem ser aplicadas taxas hidráulicas >5,2 m³.m-2.d-1 e tempo de detenção hidráulico <7,5 horas, desde que a relação carbono: nitrogênio seja mantida abaixo de quatro. As conchas de ostras mantiveram o sistema tamponado (pH=7,5±0,3, mesmo com uma intensa atividade nitrificante no reator (100%.

  10. COMPORTAMENTO EM COMPRESSÃO DE ARGAMASSAS REFORÇADAS COM FIBRAS NATURAIS. I RELAÇÃO TENSÃO-DEFORMAÇÃO EXPERIMENTAL E PROCESSO DE FRATURA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Romildo Dias Toledo Filho

    Full Text Available RESUMO Esta é a primeira parte de um artigo dividido em duas partes e visa avaliar, analítica e experimentalmente, o comportamento em compressão de argamassas reforçadas com fibras naturais. No presente artigo pretende-se mostrar, de forma experimental, como a adição de fibras de sisal e coco afeta, em várias frações volumétricas e comprimentos, o comportamento tensão-deformação, em compressão, de duas matrizes de argamassa. A influência dessas fibras no processo de fratura das argamassas é também avaliada. O efeito da substituição parcial do cimento Portland (OPC por micro- sílica e escória de alto forno no comportamento dos compósitos é também discutido. Os resultados indicam que a adição de fibras naturais reduziu a resistência a compressão das matrizes em cerca de 18% a 32% e, de forma desprezível o seu módulo de elasticidade mas, não modificou, de forma significativa, o coeficiente de Poisson. Por outro lado, as fibras confinaram o material retardando a propagação da primeira fissura e aumentando a tenacidade pós-carga de pico do material. Com relação ao processo de fratura da argamassa, os resultados indicam que, até a tensão de ruptura, o efeito da adição de fibras de sisal e coco é similar às características produzidas pelo acréscimo da quantidade de areia na matriz de argamassa. A substituição parcial de OPC por escória e micro-sílica conduziu a misturas com uma resistência a compressão ligeiramente mais alta que a das preparadas apenas com OPC. A substituição do OPC resultou tanto na redução quanto no aumento do módulo de elasticidade, enquanto o coeficiente de Poisson não foi modificado significativamente.

  11. Treatment of unstable sacral fractures with percutaneous reconstruction plate internal fixation Tratamento de fraturas sacrais instáveis com reconstrução percutânea com fixação de placa interna

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hong-Wei Chen

    2012-05-01

    Full Text Available PURPOSE: To study the effects of percutaneous reconstruction plate internal fixation in the treatment of unstable sacral fractures. METHODS: Percutaneous reconstruction plate internal fixation was applied on 21 cases of unstable sacral fracture (15 males and six females, at age range of 16-65 years, mean 38.3 years including four cases of Denis Zone I, 14 cases of Zone II and three cases of Zone III. In operation, an arc incision (about 3-5 cm long was made along the iliac crest on the outside border of posterior superior iliac spine (PSIS on both sides, and then the plate was transported from the wounded side to the opposite one through the subcutaneous tunnel. RESULTS: The mean incision length, operation time, intraoperative blood loss was 4.3cm, 45.2min, and 160.8ml respectively. All these patients were followed up for 12-33 months (average 16.3 months, which showed no incision infection, intraoperative neurovascular injury, internal fixation loose or breakage, disunion, or obvious lower limb length inequality. The function result was rated as excellent in six cases, good in 12 and fair in 3, with excellence rate of 85.7%, according to the Majeed scoring system. CONCLUSION: Percutaneous reconstruction plate internal fixation is an ideal surgical approach to unstable sacral fractures, as it is easy, safe, causing less trauma and fewer complications, and conducive to quicker recovery.OBJETIVO: Estudar os efeitos da reconstrução percutânea com fixação de placa interna no tratamento de fraturas sacrais instáveis. MÉTODOS: A reconstrução percutânea com fixação de placa interna foi aplicada em 21 casos de fratura sacral instável (15 homens e seis mulheres, com idade variando entre 16 e 65 anos, média de 38,3 anos incluindo quatro casos de Zona I de Denis, 14 casos de Zona II e três casos de Zona III. No ato operatório, uma incisão arqueada (cerca de 3 a 5cm de comprimento foi feita ao longo da crista ilíaca na borda externa da

  12. Efeito do laser de baixa potência (AsGa, 904 ηm na reparação óssea de fraturas em ratos Effect of low-level laser (GaAs, 904 ηm for bone repair on fractures in rats

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jorge Alfredo Léo

    2012-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar os efeitos do laser de baixa potência, AsGa - 904 ηm, no reparo ósseo de fraturas de tíbias em ratos. MÉTODOS: 40 ratos divididos em quatro grupos de 10 animais: grupo controle, sem fratura (GC; grupo com fratura, sem tratamento (GE II; grupo com fratura tratado com laser a 10J/cm² (GE III e grupo com fratura tratado com laser a 15J/cm² (GE IV. A fratura foi realizada cirurgicamente e o tratamento teve duração de 45 dias, realizado em dias alternados. Finalizado o tratamento, os ratos foram submetidos à eutanásia e as tíbias tratadas foram radiografadas e submetidas a ensaios mecânicos de flexão em três pontos para avaliar a força máxima (N para ruptura. RESULTADOS: Os valores observados de força máxima (N foram: grupo controle (GC de 51,5N ± 7,9N; GE II de 17,2N ± 7,8N; GE III de 16,6N ± 12,1N e GE IV de 30,3N ± 7,8N. Foram observadas diferenças estatisticamente significantes entre o grupo controle e os grupos experimentais e também entre o grupo experimental IV e os grupos experimentais II e III. Em relação às radiografias, foi observada a formação de calo ósseo em todos os grupos fraturados, indicando que passaram pelo processo normal de reparo tecidual. CONCLUSÃO: O grupo GE IV, submetido à terapia laser com dosagem de 15J/cm² obteve o maior valor para força máxima (N entre os grupos experimentais, indicando a influência da maior dosagem do laser no reparo ósseo.OBJECTIVE: To analyze the effects of low-level laser therapy (GaAs, 904 nm for bone repair on tibial fractures in rats. METHODS: Forty rats were divided into four groups of 10 animals: control group without fracture (CG; fracture group without treatment (EG II; fracture group treated with laser at 10 J/cm² (EG III; and fracture group treated with laser at 15 J/cm² (EG IV. The fracture was produced surgically and the treatment lasted 45 days, done on alternate days. After treatment completion, the rats were sacrificed. The

  13. Miniplacas de titânio na redução de fraturas mandibulares em cães e gatos: estudo de seis casos

    OpenAIRE

    Gomes, Cristiano; Gouvêa, Aline Silva; Alievi, Marcelo Meller; Contesini, Emerson Antonio; Pippi, Ney Luis

    2010-01-01

    Fraturas de mandíbula e maxila são comuns em cães e gatos, correspondendo a cerca de 3 a 6% de todas as fraturas. Muitos tratamentos são propostos para a correção desse defeito, como o uso de pino intramedular, a fixação esquelética externa, a cerclagem e o uso de acrílicos e placas ósseas. Este estudo teve como objetivo avaliar o uso das mini e microplacas de titânio do sistema 2,0 e 1,5mm no tratamento de fraturas mandibulares, em cães e gatos, respectivamente. Os parafusos e as miniplacas ...

  14. Miniplacas de titânio na redução de fraturas mandibulares em cães e gatos: estudo de seis casos

    OpenAIRE

    Gomes, Cristiano; Gouvea, Aline Silva; Alievi, Marcelo Meller; Contesini, Emerson Antônio; Pippi, Ney Luis

    2009-01-01

    Fraturas de mandíbula e maxila são comuns em cães e gatos, correspondendo a cerca de 3 a 6% de todas as fraturas. Muitos tratamentos são propostos para a correção desse defeito, como o uso de pino intramedular, a fixação esquelética externa, a cerclagem e o uso de acrílicos e placas ósseas. Este estudo teve como objetivo avaliar o uso das mini e microplacas de titânio do sistema 2,0 e 1,5mm no tratamento de fraturas mandibulares, em cães e gatos, respectivamente. Os parafusos e as miniplacas ...

  15. Incidência de fraturas, exceto de crânio, no município de Ribeirão Preto, SP (Brasil nos anos de 1969 - 1970: I - Distribuição segundo a causa externa, tempo e lugar de ocorrência Incidence of fractures in the county of Ribeirão Preto, SP (Brazil, 1969 - 1970: I - Distribution according to the external cause, place, and time

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Camilo André Mércio Xavier

    1978-12-01

    Full Text Available Descreve-se a incidência de fraturas, exceto de crânio, na população residente no município de Ribeirão Preto, SP, Brasil, nos anos 1969 e 1970. Observaram-se, nesses anos, 2.635 e 2.709 fraturas, respectivamente, correspondendo a coeficientes de 13,50 e 12,72 por 1.000 habitantes. As quedas representaram a causa externa mais freqüente, com 41,6% em 1969 e 51,0% em 1970. O ambiente familiar (residência e peri-domicílio é o local de ocorrência da maioria das fraturas. O período vespertino é aquele em que se dá a maioria dos acidentes que, embora tenham uma leve tendência de concentrar-se ao redor do domingo, não parecem exibir um padrão uniforme em função da época do ano.The incidence of fractures in the county of Ribeirão Preto in the state of São Paulo, Brazil was analyzed in 1969 and 1970. The annual fracture rates were 13.50 and 12.72 per 1,000 residents, respectively. Falls were the main cause of fracture cases (41.6% in 1969 and 51% in 1970. Regarding other eventualities, fractures resulting from traffic accidents were less common than those of industrial origin. In relation to the place of accident, the majority of fractures occurred in the street. However, if we consider residential and peridomiciliary accidents together, they exceed the number of street accidents. There was no special month predominance in both years of the survey. Sundays showed slight excess in number of fracture cases. Afternoon is by far the time of greater occurrence of fractures.

  16. IMOBILIZAÇÃO DE FRATURAS DISTAIS DO ÚMERO EM CÃES ATRAVÉS DE TRANSFIXAÇÃO ÓSSEA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Isabela Schmitt

    1993-04-01

    Full Text Available Fraturas distais do úmero, em cinco cães, foram imobilizadas através de transfixação esquelética com pinos de Steinmann estabilizados com barras de acrílico autopolimerizável, O artifício foi adaptado no sentido craneo-caudal com imobilização do cotovelo. Três dos cães apresentaram fratura unilateral, outro bilateral e o quinto unilateral com osteomielite. A metodologia adotada permitiu rápida recuperação dos pacientes sendo indicado como opção eficiente e de baixo custo.

  17. Infecção pós-estabilização intramedular das fraturas diafisárias dos membros inferiores: protocolo de tratamento Post-stabilization infection of lower limbs' shaft fractures: a treatment protocol

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alecsander Guillaumon Pereira da Silva

    2008-01-01

    Full Text Available O tratamento das infecções pós-estabilização intramedular das fraturas dos membros inferiores apresenta uma grande variedade de opções, desde a limpeza cirúrgica com manutenção da haste até a retirada da haste e colocação de fixador externo. O espaçador diafisário ainda é uma técnica pouco utilizada para o tratamento desse tipo de infecção, existindo poucos relatos na literatura sobre sua aplicação. No IOT HCFMUSP, esta técnica vem sendo empregada de maneira crescente e, no presente trabalho, temos o objetivo de descrever o protocolo de tratamento utilizado em nossa instituição, bem como a apresentação de nossa casuística inicial. O protocolo consiste na antibioticoterapia endovenosa, retirada da haste intra-medular, desbridamento cirúrgico do canal medular e colocação do espaçador diafisário. Revisamos retrospectivamente o prontuário de 11 pacientes com 13 fraturas, sendo cinco femorais e oito tibiais, submetidos à técnica apresentada. O tempo de seguimento variou de 6 a 36 meses, média de 14,27 meses, com resultados satisfatórios ocorridos em dez das treze fraturas estudadas, representando uma taxa de eficácia de 76,93%. Concluímos que o método representa uma boa alternativa para o tratamento destes casos, necessitando ainda novos trabalhos comparativos para a avaliação de suas vantagens e para difundir o uso do método.Treatment of infection following intramedullary nailing of lower limbs present a large variety of options, that goes from debridement and maintenance of the nail up to the its removal and external fixation of the limb. The cement rod is an unusual technique employed for treating this kind of infection, although little is found in literature about its application. At the IOT HC-FMUSP, this technique has been increasingly employed and the purpose of this article is to describe the treatment protocol used in our institution. The protocol consists in intravenous antibiotic therapy, removal

  18. O cirurgião, o físico e as quebraduras: tratamento e cura de fraturas ósseas em dois manuais de medicina do século XVIII

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Christian Fausto

    2013-12-01

    Full Text Available Os tratados médicos e cirúrgicos, do período setecentista, permitem discutir quais as concepções de cura para as enfermidades vigentes daquela época. Perante isso, será por meio do “Erário Mineral” (1735, de Luís Gomes Ferreira e do “Thesouro Apollineo, Galenico, Chimico, Chirurgico, Pharmaceutico” (1714, de Jean Vigier, que discutiremos os procedimentos realizados e apontados conforme a hierarquia médica do período, bem como as técnicas e terapêuticas utilizadas quando os oficiais da saúde precisavam lidar com fraturas ósseas. Buscaremos salientar as condições e recursos que, no século XVIII, eram viabilizados e recomendados para a regeneração e os cuidados envolvendo um dos mais importantes constituintes da anatomia humana, os ossos. Como referencial teórico-metodológico, adotaremos uma perspectiva interdisciplinar baseada na História das Ciências e Ciências da Saúde. Para tanto, utilizaremos as perspectivas presentes nas obras de Flavio Coelho Edler e Vera Regina Beltrão Marques. Os resultados da pesquisa demonstram que os oficiais da saúde, do século XVIII, dispunham de diversas técnicas e aparatos que, não raras vezes, possibilitavam a sobrevivência de indivíduos com membros fraturados.

  19. Microplacas de titânio em fraturas de tibiotarso em pombos domésticos Titanium microplates for treatment of tibiotarsus fractures in pigeons

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aline Silva Gouvêa

    2011-03-01

    Full Text Available Entre os problemas cirúrgicos das aves, as fraturas são os de maior prevalência. Em virtude das variações no tamanho, peso, anatomia óssea peculiar, alta incidência de fraturas complicadas e das diferentes demandas funcionais entre espécies e indivíduos, não foi possível estabelecer ainda um método ideal de osteossíntese para os ossos longos das aves. Microplacas de titânio comumente utilizadas em cirurgias maxilofaciais de humanos foram empregadas recentemente na osteossíntese de aves, porém com poucos resultados disponíveis. O objetivo do presente estudo foi avaliar a utilização das microplacas de titânio no tratamento de fraturas experimentais de tibiotarso em pombos domésticos (Columba livia. Foram utilizadas 30 aves adultas, machos e fêmeas, com 7 meses de idade, pesando entre 400 a 500 gramas. Os animais foram separados em três grupos de dez, sendo que no grupo 1 foi utilizado uma microplaca de titânio com 6 furos e espaçador central; no grupo 2, com oito furos sem espaçador central; e, no grupo 3, com oito furos com espaçador central. Após avaliação clínica, as aves foram submetidas à osteotomia médio-diafisária no tibiotarso direito para colocação das diferentes configurações de microplaca de titânio, sendo fixadas com microparafusos de titânio com 7mm de comprimento. Os animais foram avaliados clínica e radiograficamente até os 90 dias de pós-operatório. Após esse período, foi realizada eutanásia em duas aves de cada grupo. Em todas elas, foi observada a consolidação óssea, sendo que, no grupo 1, o tempo médio e o desvio padrão foram 32,9±9,9; no grupo 2, 30,8±6,7 e, no grupo 3, 26,6±6,4 dias, não havendo diferença estatística entre os grupos. O envergamento do implante foi a complicação mais frequente. A configuração da microplaca resultou em diferença estatisticamente significativa em relação à deambulação e ao grau de envergamento nos diferentes grupos, sendo que, no

  20. Artroplastia parcial no tratamento das fraturas do colo do fêmur Hemiarthroplasty in the treatment of fractures of the femoral neck

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nelson Keiske Ono

    2010-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Realizar avaliação epidemiológica e clínica dos pacientes com fratura desviada do colo femoral, que foram submetidos ao tratamento cirúrgico, com artroplastia parcial do quadril cimentada. MÉTODOS: Foram avaliados, de forma retrospectiva, todos os pacientes com fratura desviada do colo do fêmur (Garden III e IV submetidos à artroplastia parcial do quadril com prótese unipolar (Thompson, cimentada pela via de acesso posterolateral do quadril, no período de junho de 2005 a setembro de 2008. RESULTADOS: Foram avaliados, inicialmente, 70 pacientes. A média de idade foi de 83,1 anos. Houve predomínio de pacientes do sexo feminino (84,3%. Houve acompanhamento ambulatorial de 36 pacientes, cujo tempo de seguimento variou de 10 a 48 meses (média de 26,5 meses. Houve perda de seguimento de 15 pacientes. Dezenove pacientes foram a óbito, com uma taxa de mortalidade no primeiro ano de 25,4%. Os pacientes classificados como ASA III apresentaram taxa de 25,7%, enquanto os pacientes ASA II, uma taxa de 12,1%. Dois pacientes apresentaram trombose venosa profunda sintomática; um paciente, infecção do sítio operatório; e nenhum paciente apresentou luxação do quadril. A maioria dos pacientes evoluiu sem dor. Doze pacientes (33%, durante a evolução, apresentaram piora na capacidade de deambulação. CONCLUSÃO: Nenhum caso de luxação do quadril foi observado. Os pacientes classificados como ASA III apresentaram um índice de mortalidade mais elevado, em relação aos pacientes ASA I e II. Houve uma piora da capacidade de deambular em 33% dos pacientes. Não foi necessária revisão de nenhum paciente por soltura ou dor. Trinta pacientes não apresentavam dor (83,3%, quatro apresentavam dor moderada (11,1% e dois apresentavam dor intensa (5,5%.OBJETIVE: To epidemiologically and clinically evaluate patients with displaced femoral neck fractures that had surgical treatment with cemented hemiarthroplasty. METHODS: We evaluated

  1. Fractografia de compósito estrutural aeronáutico submetido à caracterização de tenacidade à fratura interlaminar em modo I Fractography of aeronautical composite structures submitted to mode I interlaminar fracture toughness characterization

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Geraldo Maurício Cândido

    2012-01-01

    Full Text Available Muitos componentes das modernas aeronaves estão sendo manufaturados em compósitos poliméricos. Laminados de resina epóxi modificada reforçada com fibras de carbono contínuas são empregados em estruturas primárias e secundárias para reduzir o peso e melhorar o desempenho operacional. Porém, se ocorrer uma falha circunstancial, o processo de fratura desses laminados é complexo e pode envolver mecanismos de danos interlaminares. A delaminação é a descontinuidade interlaminar que pode se propagar de forma catastrófica com a aplicação de cargas mecânicas. O ensaio de corpos de prova denominado de Double Cantilever Beam (DCB é o método mais utilizado para determinar a tenacidade à fratura em Modo I de compósitos estruturais. Neste trabalho, amostras preparadas de um laminado de tecido bidirecional, estilo plain weave, foram submetidas ao carregamento estático de delaminação em Modo I, à temperatura ambiente. A análise fractográfica das superfícies delaminadas foi realizada por microscopia eletrônica de varredura. Os resultados mostram que o processo de fratura se inicia nas bolsas de resina após um inserto de Teflon® e se propaga ao longo das regiões ricas em resina posicionadas nos interstícios de entrelaçamento das mechas da trama e da urdidura. Os principais aspectos fractográficos revelados são identificados, documentados e discutidos neste trabalho.Many components of modern aircrafts are now manufactured from polymer composites. Reinforced laminates with continuous carbon fibers and modified epoxy resin are employed in primary and secondary structures to reduce weight and improve the aircraft performance. However, if a circumstantial failure happens, the complex fracture process of the laminates may involve interlaminar damage mechanisms. The delamination is the interlaminar discontinuity which may propagate catastrophically with the application of mechanical loads. The Double Cantilever Beam (DCB is the most

  2. Haste intramedular polimérica bioreabsorvível (PLLA/PHBV para uso na recuperação de fraturas ósseas Intramedullary bioresorbable polymeric pin (PLLA/PHBV for use in bone fracture recuperation

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Betina M. P. Ferreira

    2008-01-01

    Full Text Available A crescente utilização de materiais poliméricos bioreabsorvíveis em medicina, tem estimulado pesquisadores na área ortopédica na busca de soluções mais biológicas, substituindo artefatos tais como fios, hastes e placas metálicas por polímeros bioreabsorvíveis no tratamento de fraturas. Para tanto, resolveu-se estudar implantes da blenda de PLLA/PHBV (dois polímeros bioreabsorvíveis moldados em uma mini-injetora. Esses implantes foram utilizados para recuperação de fraturas de fêmur de coelhos e avaliados em comparação ao fio de Steinmann (aço inox, usado comercialmente. Após eutanásia com 6, 12 e 24 semanas de implantação dos artefatos, os ossos foram estudados com radiografias, exame histológico e ensaio mecânico, enquanto os implantes poliméricos foram submetidos a microscopia eletrônica de varredura (SEM, ensaio mecânico e calorimetria diferencial de varredura modular (MDSC. As radiografias mostraram calos ósseos bem formados, tanto com o uso da haste de polímero como com o controle metálico. O estudo histológico mostrou ausência de reações inflamatórias ou osteólise. O ensaio mecânico mostrou que a consolidação óssea ocorreu nos dois grupos. Tanto no ensaio mecânico como na calorimetria observou-se que a haste polimérica apresentou sinais de degradação progressiva no tempo estudado. Com os dados obtidos neste estudo, podemos afirmar que o implante PLLA/PHBV demonstrou ser efetivo na reparação de fraturas do fêmur de coelhos quando comparado com o controle metálico.The growing interest in medicine with the use of bioreabsorbable polymeric materials has been stimulating researchers from orthopedic area to develop more biological solutions, substituting threads, stems and metallic plates for bioreabsorbable polymers in the treatment of fractures. So, we decided to study implants of the PLLA/PHBV blends (two bioreabsorbable polymers moulded in a mini-injector. Those implants were used for

  3. Fratura proximal de tíbia após cirurgia extracapsular para correção de ruptura de ligamento cruzado cranial em cão Tibial fracture caused by complications after an extracapsular suture for the repair of cranial cruciate ligament rupture in a dog

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jaqueline França dos Santos

    2013-03-01

    Full Text Available Ruptura de ligamento cruzado cranial (RLCCr é a afecção ortopédica mais frequente no joelho de cães e a sutura fabelo-tibial é frequentemente utilizada na sua correção. Essa técnica pode estar associada com complicações incisionais, lesão tardia de menisco, edema associado ao material de sutura e infecção. O objetivo desta nota foi relatar a ocorrência de fratura proximal de tíbia em um cão, causada por complicação em sutura fabelo-tibial para correção de RLCCr. Um canino atendido em outro serviço foi submetido à osteossíntese com placa 2,0mm para correção de complicação em técnica extra-capsular, na qual houve fratura da tíbia na região do orifício criado para confecção da sutura fabelo-tibial. Houve falha dos implantes e a placa foi removida. A fratura foi estabilizada com fixador esquelético externo circular, sendo constatada, após 120 dias, consolidação.Cranial cruciate ligament rupture (CCLR is one of the most common orthopedic diseases in dogs and extracapsular suture with nylon is often used for its correction. This technique may be associated with incisional complications, post-surgical meniscus injury, swelling associated with suture material and infection. The objective of this study is to report a tibial fracture in a dog, caused by complications after an extracapsular suture for the repair of CCLR. An adult dog, which suffered a tibial fracture after an extracapsular fixation for a CCLR, underwent surgery for the fixation of the fracture with a 2.0mm plate, by a referring veterinarian, but the implant failed. The plate was removed and the fracture was stabilized with a circular fixator. Bone consolidation was observed after 120 days.

  4. Ultra-som pulsado de baixa intensidade em fraturas diafisárias: aplicação clínica em cães Low-intensity pulsed ultrasound in diaphyseal fractures: clinical application in dogs

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Valéria Lima de Sousa

    2008-08-01

    Full Text Available Os efeitos da estimulação ultra-sônica sobre a consolidação óssea têm sido demonstrados por trabalhos experimentais e clínicos. Este estudo teve por objetivo investigar a aplicação clínica do ultra-som pulsado de baixa intensidade como tratamento adjuvante de fraturas diafisárias em cães. Foram utilizados 16 cães de raças variadas, com faixa etária entre sete meses e seis anos, peso corpóreo entre 2,5 e 43kg, portadores de fraturas diafisárias fechadas recentes localizadas no rádio e ulna, fêmur ou tíbia e fíbula, estabilizadas por procedimentos de osteossíntese (fixação esquelética externa, pinos intramedulares ou a associação desses métodos. Os cães foram divididos em dois grupos: fraturas estabilizadas tratadas por ultra-som de baixa intensidade (grupo tratado, n=8; fraturas estabilizadas, não tratadas por estimulação ultra-sônica, (grupo controle, n=8. Os animais foram avaliados por exames clínicos e radiográficos nos períodos pré-operatório, pós-operatório imediato e a cada 30 dias posteriores aos procedimentos cirúrgicos. Realizou-se tratamento com ultra-som pulsado (sinal senoidal com freqüência de 1,5MHz, largura de pulso de 200µs e freqüência de repetição de 1kHz de baixa intensidade (30mW cm-2, aplicado de modo estacionário no foco de fratura. A terapia ultra-sônica foi realizada 20 minutos por dia, durante 21 dias consecutivos, a partir do período compreendido entre o 1° e o 9° dia pós-operatório. O teste t de Student, empregado na análise estatística, mostrou diferença significante (PThe effects of ultrasound stimulation on bone healing have been demonstrated in experimental and clinical studies. The purpose of this study was to investigate the clinical application of low-intensity pulsed ultrasound as an adjuvant for the treatment of diaphyseal fractures in dogs. Sixteen dogs of different breeds, ages ranging from seven months to six years, weighing from 2.5 to 43kg, were

  5. Estudo epidemiológico das fraturas femorais diafisárias pediátricas Epidemiological study of children diaphyseal femoral fractures

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cassiano Ricardo Hoffmann

    2012-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar as características pessoais, das fraturas e do tratamento e suas complicações em pacientes com fraturas femorais diafisárias pediátricas atendidos no Serviço de Ortopedia Pediátrica do Hospital Infantil Joana de Gusmão. MÉTODOS: Trata-se de estudo retrospectivo e transversal com população composta por pacientes com fraturas diafisárias de fêmur, com idade entre o nascimento e 14 anos e 11 meses, divididos em quatro grupos etários. As informações foram obtidas nos prontuários e transferidas para o questionário de pesquisa que apresentava variáveis pessoais, das fraturas e do tratamento e suas complicações. RESULTADOS: A população do estudo foi composta por 96 pacientes. A média de idade encontrada foi de 6,8 anos. Houve predomínio no sexo masculino, fratura fechada, lado direito, 1/3 médio e traço simples. Quanto à etiologia das fraturas, houve predomínio na amostra global de acidentes de trânsito. A maioria dos pacientes (74-77,1% apresentou fratura de fêmur como lesão isolada. Houve predomínio do tratamento conservador na faixa etária menor que seis anos e do tratamento cirúrgico na faixa etária de seis anos a 14 anos e 11 meses. As complicações observadas até a união óssea foram: discrepância, infecção e limitação de movimento. O tempo médio de consolidação foi de 9,6 ± 2,4 semanas, variando com a idade. CONCLUSÃO: As características das fraturas estudadas foram semelhantes às citadas na literatura e o tratamento empregado apresentou bom resultado. O Hospital Infantil Joana de Gusmão (HIJG tem utilizado o tratamento proposto pela literatura nas fraturas femorais diafisárias pediátricas.OBJECTIVE: To evaluate the personal, fracture, treatment and complication characteristics among patients with pediatric femoral shaft fractures attended at the pediatric orthopedic service of the Joana de Gusmão Children's Hospital. METHODS: This was a retrospective cross-sectional study

  6. Radionuclides in redistributed sediments and ash from the Las Conchas fire in Northern New Mexico

    International Nuclear Information System (INIS)

    Matteson, B.S.; Oldham, Jr.W.J.

    2013-01-01

    The 2011 Las Conchas fire burned 632 km 2 of ponderosa pine forests and pinon-juniper woodlands in the Jemez Mountains in north central New Mexico. In the weeks following the fire, heavy rainfall caused extensive flooding and erosion of surface soil and ash from the affected areas. Samples from mud and ash flows were collected and analyzed for 137 Cs and Pu, which were originally deposited as global fallout during the era of atmospheric nuclear testing. The mean concentrations for 238 Pu, 239,240 Pu and 137 Cs were 0.18 ± 0.05, 4.16 ± 1.95, and 111 ± 56 mBq/g, respectively. 239,240 Pu and 137 Cs are significantly elevated above non-fire affected regional background levels. (author)

  7. Status of the art: hydraulic conductivity of acid- fractures; Condutividade hidraulica de fratura acida: estado da arte

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Rodrigues, Valdo Ferreira [Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (LENEP/UENF), Macae, RJ (Brazil). Centro de Ciencia e Tecnologia. Lab. de Engenharia e Exploracao de Petroleo; Campos, Wellington [PETROBRAS, RJ (Brazil). E and P Engenharia de Producao. Gerencia de Completacao e Avaliacao], e-mail: wcampos@petrobras.com.br

    2010-06-15

    This paper presents a review of the hydraulic conductivity models developed for acid fractures in almost four decades of studies in petroleum engineering. These studies have often benefited from theories and experiments carried out in areas of knowledge such as physics, geology, hydrology, fluid mechanics, rock mechanics and tribology. The review showed that the pioneer study of Nierode and Kruk (1973) is still used in commercial software and influences the current studies. There was significant evolution on the quantitative surface topography characterization of the fractures and their impact on the hydraulic conductivity. The same occurred for the effects of acid dissolution on the rock resistance. Improvements on correlations similar to the Nierode and Kruk can be applied at once on the acid fracturing project and evaluation practice for the cases of rough dissolution pattern. A method to consider the overall conductivity from heterogeneous channels and roughness pattern was recently proposed. The complexity of the theoretical fundaments, specially the range of validity of the equations in face of the simplifications assumed, the difficulty of performing representative laboratory and field experiments, the difficulty of characterizing quantitatively the fractures surface topography and its effects on the conductivity, and the large variety of rocks and acid systems keep this subject open for research. (author)

  8. Epidemiologia das fraturas toracolombares cirúrgicas na zona leste de São Paulo Epidemiología de las fracturas toracolumbares quirúrgicas en la región Leste de São Paulo Epidemiology of thoracolumbar surgical fractures in the east side of São Paulo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Cláudio Lacerda Rodrigues

    2010-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: fazer uma análise prospectiva de cem pacientes com fratura da coluna toracolombar submetidos a tratamento cirúrgico em um hospital terciário da zona leste de São Paulo. MÉTODOS: estudo prospectivo com início em Janeiro de 2006 até Julho de 2009, sendo incluído um total de 100 pacientes com fratura da coluna toracolombar submetidos a tratamento cirúrgico. Avaliou-se o sexo, a idade, o mecanismo de trauma, o déficit neurológico e o tipo de fratura. RESULTADOS: foi observado que queda de altura foi o principal fator causador deste tipo de fratura seguido de acidentes com veículos automotores. O sexo masculino foi responsável por 66% dos casos, porém não foi observada diferença entre o mecanismo de trauma e o sexo. Observamos também que a lesão neurológica apresenta relação direta com a gravidade de fratura e que a junção toracolombar é a região mais acometida. CONCLUSÃO: concluímos que a incidência de fraturas na zona leste de São Paulo é elevada e associam-se a quedas acidentais. Verifica-se que estes dados são importantes para que medidas de prevenção possam ser tomadas com vistas a diminuir a morbidade deste grave tipo de trauma.OBJETIVO: hacer un análisis prospectivo de cien pacientes con fracturas de la columna toracolumbar sometidos al tratamiento quirúrgico en un hospital de tercer nivel de la región Leste de la ciudad de São Paulo. MÉTODOS: estudio prospectivo con inicio en Enero de 2006 hasta Julio de 2009, donde fueron incluidos un total de cien pacientes con fractura de la columna toracolumbar sometidos al tratamiento quirúrgico. Se evaluaron el sexo, la edad, el mecanismo del trauma, el déficit neurológico y el tipo de fractura. RESULTADOS: fue observado que la caída de una altura fue el principal factor causante de este tipo de fractura, seguido de accidentes con vehículos automotores. El sexo masculino fue responsable por el 66% de los casos, sin embargo no fue observada una

  9. Fratura patológica de vértebra lombar em criança com déficit neurológico agudo: relato de caso Pathological fracture of lumbar vertebra in children with acute neurological deficit: case report

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adalberto Bortoletto

    2011-01-01

    Full Text Available O trabalho relata um caso de linfoma em paciente de 13 anos que veio à consulta com dor lombar. O paciente sofreu um traumatismo de baixa intensidade na região lombar que resultou em dor persistente e de caráter progressivo. Ao ser avaliado em uma emergência, foi detectada no exame radiográfico uma fratura de coluna. Nesse momento, o paciente foi encaminhado ao ambulatório de especialidade do mesmo hospital. Após exames iniciais, foi firmado o diagnóstico de fratura patológica envolvido por volumoso tecido, indicando ser uma lesão tumoral. Na sequência do atendimento, o paciente evoluiu com parestesias em membros inferiores e retenção urinária sem possuir diagnóstico patológico da lesão. O paciente foi submetido à cirurgia de emergência com estabilização e descompressão neurológica sendo enviado material da lesão para exame anatomopatológico. O resultado do exame anatomopatológico sugeriu tumor de células pequenas deixando uma dúvida após a imuno-histoquímica, definindo o diagnóstico de linfoma. O paciente foi encaminhado para tratamento oncológico. O objetivo deste trabalho é relatar um caso raro de linfoma em criança com diagnóstico inicial de fratura patológica em coluna vertebral lombar. É importante investigar fratura associada a trauma leve em crianças. A precisão diagnóstica resulta em um atendimento efetivo com resultados melhores para os pacientes. O paciente em foco submeteu-se a tratamento quimioterápico obtendo uma boa resposta com reflexos positivos no seu prognóstico.This study reports on a case of lymphoma in a 13-year-old patient who came to a consultation with lumbar pain. The patient had suffered low-intensity trauma in the lumbar region that resulted in persistent pain of progressive nature. In an emergency evaluation, radiographic examination showed a spinal fracture. The patient was then sent to the specialist outpatient clinic of the same hospital. The initial examinations confirmed

  10. Tenacidade à fratura translaminar dinâmica de laminados compósitos de fibras de carbono e resina epóxi de grau aeronáutico Translaminar dynamic fracture toughness of aeronautic grade composite laminates made with carbon fiber-epoxy resin

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José R. Tarpani

    2010-01-01

    Full Text Available A tenacidade à fratura translaminar dinâmica de quatro laminados compósitos de fibras de carbono e resina epóxi foi determinada nas velocidades de impacto de 2,25 e 5,52 m/s, sob as temperaturas de -70, +25 e +100 °C. Concluiu-se que a tenacidade à iniciação da fratura dos laminados confeccionados com fibras na forma de fita unidirecional é, em qualquer condição de ensaio, muito superior à dos laminados manufaturados com fibras dispostas na forma de tecido bi-direcional. Quanto à tenacidade à propagação de danos, constatou-se que o laminado fita processado a 180 °C é o mais indicado para operar sob impacto em temperaturas intermediárias, enquanto que o manufaturado a 120 °C é a melhor opção para trabalhar sob ambos os extremos do intervalo de temperatura avaliado.The translaminar dynamic fracture toughness of four carbon fiber - epoxy resin composite laminates was compared at the impact velocities of 2.25 and 5.52 m/s, under the temperatures of -70, +25 and +100 °C. It has been concluded that the initiation fracture toughness of unidirectional tape laminates is quite higher than bidirectional woven fabric composites, despite the testing conditions. In regard to the damage propagation toughness, it has been shown that the tape laminate processed at 180 °C is the best option at intermediate temperatures, whereas the tape composite manufactured at 120 °C is the most suitable to operate under impact at both the extremes of the temperature range evaluated.

  11. Obtenção de comprimidos contendo cálcio de conchas de ostras: pré-formulação e liodisponibilidade comparativa - DOI: 10.4025/actascihealthsci.v28i1.1116 Obtaining tablets with calcium from oyster shells: preformulation and comparative lyoavailability - DOI: 10.4025/actascihealthsci.v28i1.1116

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ednaldo Queiroga de Lima

    2006-03-01

    Full Text Available A osteoporose é uma doença que afeta um número significativo de pessoas no mundo todo, em especial nos países subdesenvolvidos. Nesse contexto, o pó de concha de ostra, que constitui uma fonte de cálcio, aparece como uma oportunidade de utilizar os recursos naturais da região litorânea brasileira, na suplementação alimentar de sua população. O estudo se propôs a aproveitar essa fonte natural de cálcio, incorporando-a na forma farmacêutica comprimido. O estudo foi desenvolvido em duas etapas, a primeira com a otimização da matéria-prima a partir de conchas de ostra, desde o processo de seleção até a transformação da concha de ostra em pó, com caracterização físico-química e pré-formulação desse pó. A segunda etapa foi a obtenção dos comprimidos desde o desenvolvimento até os ensaios de liodisponibilidade comparativa. Os estudos de pré-formulação e o planejamento fatorial dos excipientes (aglutinante, lubrificante e desintegrante permitiram obter com economia e performance comprimidos com liodisponibilidade semelhante à referência Os-cal®Osteoporosis is a disease that affects a significant number of people in the world, particularly in developing countries. In this context, the powder of oyster shells, found to be a calcium source, emerges as one opportunity to use the natural resources from the Brazilian coast region for alimentary supplementation. This study proposes the use of this natural source of calcium, incorporated in tablets. The study was developed in two parts. The first was concerned with optimizing the raw material from oyster shells, from the selection process until the transformation of de oyster shell into dust; and with the physicochemical evaluation and preformulation of this dust. The second part consisted of obtaining tablets, from the development until the comparative evaluation of lyoavailability. The studies on preformulation and factorial planning of the excipients (binging agent

  12. Obtenção de comprimidos contendo cálcio de btenção conchas de ostras: pré-formulação e liodisponibilidade comparativa = Obtaining tablets with calcium from oyster shells: preformulation and comparative lyoavailability

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lívio César Cunha Nunes

    2006-01-01

    Full Text Available A osteoporose é uma doença que afeta um número significativo de pessoas no mundo todo, em especial nos países subdesenvolvidos. Nesse contexto, o pó de concha de ostra, que constitui uma fonte de cálcio, aparece como uma oportunidade de utilizar os recursos naturais da região litorânea brasileira, na suplementação alimentar de suapopulação. O estudo se propôs a aproveitar essa fonte natural de cálcio, incorporando-a na forma farmacêutica comprimido. O estudo foi desenvolvido em duas etapas, a primeira com a otimização da matéria-prima a partir de conchas de ostra, desde o processo de seleção até a transformação da concha de ostra em pó, com caracterização físico-química e préformulação desse pó. A segunda etapa foi a obtenção dos comprimidos desde o desenvolvimento até os ensaios de liodisponibilidade comparativa. Os estudos de préformulaçãoe o planejamento fatorial dos excipientes (aglutinante, lubrificante edesintegrante permitiram obter com economia e performance comprimidos com liodisponibilidade semelhante à referência Os-cal.Osteoporosis is a disease that affects a significant number of people in the world, particularly in developing countries. In this context, the powder of oyster shells, found to be a calcium source, emerges as one opportunity to use the natural resources from the Brazilian coast region for alimentary supplementation. This study proposes the use of this natural source of calcium, incorporated in tablets. The studywas developed in two parts. The first was concerned with optimizing the raw material from oyster shells, from the selection process until the transformation of de oyster shell into dust; and with the physicochemical evaluation and preformulation of this dust. The second part consisted of obtaining tablets, from the development until the comparative evaluation of lyoavailability. The studies on preformulation and factorial planning of the excipients (bingingagent

  13. Avaliação do uso de haste bloqueada e bloqueio transcortical no reparo de fraturas diafisárias de fêmur em felinos Evaluation of the use of interlocking nail and transcortical blockade for the repair of diaphyseal fractures of the femur in cats

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leandro Romano

    2008-04-01

    Full Text Available As hastes bloqueadas além de permitirem estabilização rígida de fraturas, possuem vantagens biomecânicas quando comparadas a outras técnicas de imobilização, por atuar ao longo do eixo mecânico central do osso, além de preservar os conceitos de padrões biológicos de osteossíntese . O uso limitado de hastes bloqueadas em gatos se atribui ao fato da cavidade intramedular ser pequena, limitando o tamanho e diâmetro dos pinos. Relatam-se casos de 10 felinos que apresentavam fraturas fechadas simples ou múltiplas da diáfise femoral. Os animais pesavam entre 3,5 e 5 kg, o que permitiu a utilização de hastes de 4,0mm e 4,7mm de diâmetro. Para inserção da haste, adotou-se a via retrógrada ou a normógrada e foram realizados bloqueios com quatro parafusos de titânio de 2,0 mm de diâmetro. Complicações intra-operatórias não ocorreram, entretanto um animal sofreu fratura de colo femoral e fratura transversa distal ao implante, três dias após o ato cirúrgico, devido a novo trauma. Os animais foram submetidos a exames radiográficos até quatro meses após a intervenção, evidenciando-se formação de calo ósseo secundário e consolidação óssea em período de 61-89 dias. Clinicamente, ocorreu esporadicamente alteração na marcha por leve claudicação de apoio definida por escala de claudicação, entretanto os animais iniciaram o apoio adequado entre três e oito dias após o ato operatório. Complicações pósoperatórias ocorreram referentes ao animal que sofreu novo trauma, entretanto notou-se consolidação do foco primário tratado pelo implante com 61 dias e consolidação da nova fratura num período total de 150 dias do início do tratamento conservativo por penso esparadrapado e tala. Conclui-se que o uso de haste bloqueada em felinos foi adequado uma vez que houve consolidação óssea em todos os casos, com retorno precoce da função do membro, permitindo a deambulação.Interlocking nails allow rigid

  14. Emprego de fixador externo circular no tratamento de complicações de fraturas do rádio e ulna em cães de raças pequenas Use of circular external fixator in the treatment of fracture complications of radius and ulna in small breed dogs

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sheila Canevese Rahal

    2005-10-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi avaliar o método de Ilizarov no tratamento de complicações de fraturas do rádio e ulna em cães de raças pequenas. Um fixador de Ilizarov miniatura composto por anéis de alumínio e hastes de aço foi usado em três cães da raça poodle miniatura (casos 1, 2 e 3 e em um pinscher (caso 4. Os cães 1 e 4 apresentavam consolidação atrasada das porções médio-distal e distal, respectivamente, devido a prévio tratamento com tala externa. Foi aplicada uma montagem constituída por dois anéis proximais e um distal. Ambas as fraturas consolidaram, sendo que a do poodle apresentou leve desvio cranial das extremidades fraturadas. Os outros dois casos (2 e 3 consistiam de fraturas previamente tratadas por procedimento cirúrgico. O caso 2 apresentava rotação lateral do membro torácico e não-união do aspecto distal da diáfise radial com presença de pino intramedular e dois fios de cerclagem. O pino intramedular e um dos fios de cerclagem foram removidos e realizou-se a derrotação do foco da fratura. O aparelho foi montado como nos casos 1 e 4. A consolidação da fratura foi obtida com moderado desvio caudal do eixo ósseo. No caso 3, havia reabsorção óssea na diáfise do rádio e ulna devido ao emprego inadequado de fixador externo resina-pino. Empregou-se o transporte ósseo com o fixador de Ilizarov para induzir a regeneração óssea. Entretanto, este foi interrompido por falta de resposta. Manteve-se o fixador e o defeito ósseo foi tratado com enxerto esponjoso autólogo e biomateriais. A ulna ocupou parte do defeito segmentar do rádio. Foi possível concluir que o método de Ilizarov pode ser usado no tratamento de consolidação atrasada e não-união, mas o fixador externo circular é de difícil aplicação em cães de raças pequenas.The aim of this study was to evaluate the Ilizarov’s method for treating complications of radius and ulna fractures in small breed dogs. A miniature Ilizarov

  15. Miniplacas de titânio na redução de fraturas mandibulares em cães e gatos: estudo de seis casos Titanium miniplates in mandibular fracture repair in dogs and cats: study of 6 cases

    OpenAIRE

    Cristiano Gomes; Aline Silva Gouvêa; Marcelo Meller Alievi; Emerson Antonio Contesini; Ney Luis Pippi

    2010-01-01

    Fraturas de mandíbula e maxila são comuns em cães e gatos, correspondendo a cerca de 3 a 6% de todas as fraturas. Muitos tratamentos são propostos para a correção desse defeito, como o uso de pino intramedular, a fixação esquelética externa, a cerclagem e o uso de acrílicos e placas ósseas. Este estudo teve como objetivo avaliar o uso das mini e microplacas de titânio do sistema 2,0 e 1,5mm no tratamento de fraturas mandibulares, em cães e gatos, respectivamente. Os parafusos e as miniplacas ...

  16. Resultados do tratamento de fraturas crônicas pela via anterior em pacientes com osteoporose Resultados del tratamiento de fracturas crónicas por la via anterior en pacientes con osteoporosis Results of treatment of chronic fractures by anterior approach in patients with osteoporosis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabio Leme de Oliveira Pinto

    2011-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar os resultados da cirurgia de corpectomia e artrodese por via anterior nos pacientes com fratura tipo explosão da coluna toracolombar e com osteoporose, que foram submetidos a tratamento conservador prévio por no mínimo sete meses, sem melhora importante do quadro doloroso. MÉTODOS: Foram tratadas seis pacientes idosas com fratura-explosão da coluna toracolombar em um único nível, depois de, no mínimo, sete meses do trauma, pela via anterior, com corpectomia, uso de enxerto autólogo de costela e fixação com parafusos pediculares nos níveis adjacentes. A dor foi avaliada pela EVA no pré-operatório, três semanas, três meses, seis meses e um anos após a cirurgia. RESULTADO: As pacientes apresentaram melhora significativa da dor pós-operatória, com diminuição substancial do uso de medicação analgésica. CONCLUSÕES: Os autores recomendam a via anterior isolada como método de tratamento para fraturas tipo explosão crônicas em pacientes com osteoporose pela baixa taxa de complicações e pelos resultados satisfatórios encontrados.OBJECTIVO: Analizar los resultados de la cirugía de corpectomía y artrodesis por la vía anterior, en pacientes con fracturas tipo explosión de la columna toracolumbar y, con osteoporosis, que habían sido sometidos a tratamiento conservador previo por lo menos durante siete meses, sin mejora importante del cuadro de dolor. MÉTODOS: fueron tratadas seis pacientes ancianas del sexo femenino con la fractura-explosión de la columna toracolumbar en solamente un nivel, después de, como mínimo, siete meses del traumatismo, a través de la vía anterior, con corpectomía, utilización del injerto autólogo de costilla y fijaci��n con tornillos pediculares en los niveles adyacentes. El dolor fue evaluado con EVA en pre-operatorio, tres semanas, tres meses, seis meses y un año después de la cirugía. RESULTADO: Las pacientes presentaron mejoría significativa del dolor

  17. Clinical evaluation of patients with osteomyelitis after open fractures treated at the Hospital de Urgências de Goiânia, Goiás Avaliação clínica de pacientes com osteomielite crônica após fraturas expostas tratados no Hospital de Urgências de Goiânia, Goiás

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pablo Erick Alves Villa

    2013-01-01

    descritas a hora do atendimento e as lesões encontradas no paciente e depois classificadas de acordo com Gustilo e Anderson (1976. Amostras da lesão durante o ato cirúrgico foram coletadas para cultura de microorganismos patogênicos. As análises foram feitas no programa STATA/SE versão 8.0. Fez-se análise descritiva (frequências absolutas e relativas e para verificar existência de associação entre variáveis foi usado o teste qui-quadrado de Pearson ou exato de Fisher. Este estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa do Hospital de Urgências de Goiânia. RESULTADOS: Houve predomínio de adultos do sexo masculino, que apresentaram fraturas expostas com maior acometimento de ossos da perna ou em dois ou mais ossos (politrauma. A maioria dos pacientes apresentou lesão tipo III (trauma de alta energia. Observou-se perda de tempo excessiva desde o momento do acidente até o atendimento cirúrgico inicial. Detectou-se presença de germes gram positivos nas culturas de material obtido após diagnóstico de osteomielite. CONCLUSÕES: O controle de fatores como antibioticoterapia, tempo de exposição, resistência bacteriana ao antimicrobiano usado, grande dano tecidual e localização da fratura é importantíssimo para anular o efeito preditivo de infecção em fraturas expostas.

  18. Fixador esquelético pino-resina acrílica e enxerto ósseo esponjoso no tratamento de complicações secundárias à imobilização inadequada de fratura do rádio e ulna em cães Acrylic-pin external fixator and cancellous bone graft in the treatment of complications caused by inadequate immobilization of radius and ulna fracture in dogs

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sheila Canevese Rahal

    2005-10-01

    Full Text Available O objetivo do estudo foi avaliar a eficácia do fixador esquelético pino-resina, configuração tipo II, coadjuvado pelo enxerto ósseo esponjoso autólogo, no tratamento das complicações secundárias à imobilização inadequada de fraturas do rádio e ulna em 10 cães, com peso entre 1,8 e 33,6 kg. Detectou-se não-união (n=4, osteomielite (n=1, má-união (n=1, falência ou quebra de implante (n=4, sendo 60% das lesões referente ao uso prévio de pino intramedular no rádio. A montagem do fixador foi realizada com transfixação de pinos lisos em sua maioria angulados, cujas extremidades excedentes foram dobradas e estabilizadas com resina acrílica. Em todos os casos, utilizou-se enxerto esponjoso autólogo fresco, após debridamento do foco de fratura. O tempo de permanência do aparelho variou entre 45 dias e 5 meses e a maior complicação foi o afrouxamento dos pinos transfixantes. A consolidação das fraturas ocorreu por formação de calo periosteal de mínimo a moderado, indicando boa rigidez da montagem.The aim of this study was to evaluate the acrylic-pin external fixator, type II-configuration, and cancellous bone autograft for treating complications of radius and ulna fractures in 10 dogs weighing between 1.8 and 33.6 kg. Nonunion (n=4, osteomyelitis (n=1, malunion (n=1, failure or breakage of implant (n=4 were detected, and 60 % of them were associated with previous intramedullary pin placement in the radius. The fixator frame was constructed using most of the smooth transfixation pins angled. The fixation rods were constructed by placing acrylic resin over the ends of the transfixation pins that were previously bent. In all cases fresh cancellous bone autograft was used after cleaning of the fracture site. The permanence time of the external fixator ranged from 45 days to 5 months, and the most important complication was pin loosening. Fracture healing was by minimal to moderate periosteal callus, suggesting good rigidity

  19. Propiedades de textura de masa y pan dulce tipo "concha" fortificados con proteínas de suero de leche Propriedades de textura de massa e de pão doce tipo concha fortificados com proteínas do soro de leite

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Norma Güemes Vera

    2009-03-01

    Full Text Available La fortificación de alimentos es importante debido a una creciente población en estado de malnutrición, por las sequías provocadas a nivel mundial y por personas de bajos recursos económicos. La adición de proteínas puede causar problemas tecnológicos. Por ello, el objetivo de este trabajo fue determinar el efecto de la adición de proteínas de lactosuero a pan dulce tipo "concha" sobre las propiedades químicas y de texturas de las masas y panes. Se planteó un experimento con diferentes concentraciones de suero comercial y precipitado por calor, se evaluó la adhesividad y el análisis del perfil de textura en masa y panes. Los resultados indicaron que el testigo presentó menor contenido de proteína (17.2 ± 0.01% con respecto a los panes con 10% (19.8 ± 0.01 y 15% (22.9 ± 0.03 de suero comercial y precipitados por calor, el contenido de grasa fue similar en el testigo (7.01 ± 0.02 y en los panes con suero comercial (7.29 ± 0.04% y precipitado por calor (7.37 ± 0.01, el mayor trabajo de adhesión se presentó al 10% de suero comercial, mientras que los tratamientos a base de suero tuvieron valores intermedios. La firmeza fue mayor (p 0.05 entre los porcentajes de suero. Existe un efecto del tipo y concentración de suero en la adhesividad de las masas. Respecto a la textura de los panes, el suero precipitado por calor tuvo características aceptables en comparación con el suero comercial.A fortificação de alimentos é importante devido a uma população crescente em estado de má nutrição. A adição de proteínas pode causar problemas tecnológicos. Por essa razão, o objetivo deste trabalho foi determinar o efeito da adição de soro de leite a formulações de pães tipo concha nas propriedades químicas e na textura das massas. Foram utilizadas diferentes concentrações de um soro comercial e de outro soro obtido por processo de precipitação por calor. Foi avaliado o perfil de textura da massa e dos pães. Os

  20. Quantifying the influence of previously burned areas on suppression effectiveness and avoided exposure: A case study of the Las Conchas Fire

    Science.gov (United States)

    Matthew P. Thompson; Patrick Freeborn; Jon D. Rieck; Dave Calkin; Julie W. Gilbertson-Day; Mark A. Cochrane; Michael S. Hand

    2016-01-01

    We present a case study of the Las Conchas Fire (2011) to explore the role of previously burned areas (wildfires and prescribed fires) on suppression effectiveness and avoided exposure. Methodological innovations include characterisation of the joint dynamics of fire growth and suppression activities, development of a fire line effectiveness framework, and...