WorldWideScience

Sample records for febre maculosa isolamento

  1. Primeiro caso de febre maculosa brasileira branda associada à artrite

    Virgínia Lucia Nazario Bonoldi

    2014-06-01

    Full Text Available Descrevemos o primeiro caso brasileiro de Riquetsiose branda, agravada por monoartrite em joelho, em adulto jovem picado por carrapato na perna esquerda na região de Camburi, localizada no município de São Sebastião, sul da região costeira do estado de São Paulo, Mata Atlântica, Brasil. O paciente apresentou uma escara de inoculação no local da picada do carrapato, associada ao aumento ganglionar em virilha esquerda, febre, poliartralgia, cefaleia e erupção macular. Vinte dias após o episódio da picada de carrapato, o paciente apresentou monoartrite em joelho direito. O diagnóstico de Riquetsiose branda foi estabelecido pela análise imunológica sequencial em amostras de soro e líquido sinovial, tendo sido empregada a técnica de imunofluorescência (IF indireta para anticorpos reativos contra Rickettsia parkeri e Rickettsia rickettsii. A Riquetsiose branda é uma zoonose emergente, que deve ser investigada pelos médicos, incluindo reumatologistas, em pacientes que apresentem erupção macular, febre e, eventualmente, artrite, após visita ao sul da região costeira da Mata Atlântica no Brasil.

  2. Rickettsioses do grupo das febres maculosas em viajantes argentinos

    Martino Olindo

    2001-01-01

    Full Text Available Durante o ano de 1996, foram atendidos no ambulatório de medicina de viajantes, quatro pacientes procedentes do sul da África com diagnóstico de rickettsiose. Todos eles apresentaram febre, dor de cabeça e presença de escara cutânea. Às 48 horas de iniciado o quadro, um dos pacientes evidenciou uma erupção máculo-papular, enquanto que os restantes desenvolveram um exantema vesicular e crostoso. A reação de Weil-Felix mostrou-se negativa e a sorologia para Rickettsia conorii por imunofluorescência foi positiva em todos os casos. Nenhum dos pacientes recordava haver sofrido picada de insetos ainda que tenham permanecido ou transitado por pastagens em regiões agrestes. Todos receberam tratamento com doxiciclina com evolução clínica satisfatória.

  3. Febre maculosa no município de Pedreira, SP, Brasil. Inquérito sorológico

    Del Guercio Vania Martins Fontes

    1997-01-01

    Full Text Available Casos de febre maculosa brasileira vêm ocorrendo desde 1985 no município de Pedreira. Com o objetivo de avaliar a prevalência da febre maculosa brasileira nessa área endêmica, foram coletadas amostras únicas de soro de 473 pessoas sadias, moradores e funcionários de uma indústria de louças. As amostras obtidas foram testadas através da reação de imunofluorescência indireta (IFA, para determinação do título de anticorpos para ricketttsia do grupo da febre maculosa brasileira. Vinte e cinco (5,3% foram considerados positivos (título superscript three1:64 e trinta e um (6,5% apresentaram título igual a 1:32 ("borderline". Os resultados evidenciam uma taxa de soropositividade semelhante a outras áreas reconhecidamente endêmicas do país.

  4. A febre maculosa no Brasil Rocky Mountain spotted fever in Brazil

    Fernando de Sá Del Fiol

    2010-06-01

    Full Text Available Embora no Brasil o número de casos confirmados de febre maculosa esteja em declínio desde 2005, a taxa de mortalidade (20 a 30% ainda é muito alta quando comparada a outros países. Esse alto índice de mortalidade tem estreita relação com a dificuldade em fazer o diagnóstico e estabelecer a terapia apropriada. Apenas dois grupos de antibióticos têm comprovada eficácia clínica, o cloranfenicol e as tetraciclinas. Até pouco tempo atrás, as tetraciclinas eram reservadas aos pacientes adultos em virtude das alterações dentárias e ósseas em crianças. Recentemente, entretanto, a Academia Americana de Pediatria e diversos autores têm recomendado a utilização da doxiciclina também em crianças. Em casos mais severos, a falta de experiência com uma tetraciclina injetável no Brasil faz com que se opte pelo cloranfenicol injetável. Como o pronto diagnóstico e a escolha adequada do fármaco são fatores determinantes de um prognóstico positivo, todos os profissionais da saúde devem estar melhor preparados para reconhecer e tratar a febre maculosa.Although the number of confirmed cases of spotted fever has been declining in Brazil since 2005, the mortality rate (20% to 30% is still high in comparison to other countries. This high mortality rate is closely related to the difficulty in making the diagnosis and starting the correct treatment. Only two groups of antibiotics have proven clinical effectiveness against spotted fever: chloramphenicol and tetracyclines. Until recently, the use of tetracyclines was restricted to adults because of the associated bone and tooth changes in children. Recently, however, the American Academy of Pediatrics and various researchers have recommended the use of doxycycline in children. In more severe cases, chloramphenicol injections are often preferred in Brazil because of the lack of experience with injectable tetracycline. Since early diagnosis and the adequate drug treatment are key to a good

  5. Brazilian spotted fever in dogs/ Febre maculosa brasileira em cães

    Alexander Welker Biondo

    Full Text Available Brazilian spotted fever (BSF is caused by bacteria Rickettsia rickettsii, highly pathogenic for humans and dogs, and has the Amblyomma cajennense tick as its main vector. Dogs maybe have a significantly participation on the BSF epidemiology, particularly in urban areas, due to the close contact with human beings. Several serologic studies in dogs from different Brazilian regions have indicated a previous contact of these animals with the R. rickettsii, and they are even considered as sentinels for the bacteria distribution. Although dogs are susceptible to R. rickettsii infection, the clinical disease in dogs has been very recently described in Brazil. Common signs of infection may include fever, depression, anorexia, ocular lesions, hemorrhagic petechiaes, anemia and thrombocytopenia, which also may appear in other diseases, such as the canine monocytic ehrlichiosis, considered the most common disease in dogs transmitted by ticks in Brazil. Thus, BSF clinical diagnosis in dogs may be confused by other diseases, causing its sub-notification. The aim of the present review article on BSF in dogs was to describe epidemiologic, clinical and diagnosis aspects, including also the main alternatives for its treatment and control.A febre maculosa brasileira (FMB é causada pela bactéria Rickettsia rickettsii, cuja patogenicidade é conhecida para seres humanos e cães, e o carrapato Amblyomma cajennense é tido como seu principal vetor. Os cães podem ter um papel significativo na epidemiologia da FMB devido ao próximo contato com seres humanos. Vários estudos sorológicos em cães em diferentes estados brasileiros indicaram um contato prévio destes animais com a R. rickettsii, sendo inclusive considerados sentinelas para a circulação da bactéria. Apesar de serem susceptíveis à infecção por R. rickettsii, a doença clínica em cães foi relatada apenas recentemente no Brasil, onde observaram-se sinais comuns da infecção, como febre, anorexia

  6. Situação da febre maculosa na Região Administrativa de Campinas, São Paulo, Brasil

    Virgília Luna Castor de Lima

    2003-02-01

    Full Text Available A febre maculosa brasileira foi detectada pela primeira vez no Estado de São Paulo em 1929. No entanto, não há registro sistemático de casos neste Estado. Em 1985 ocorreram três casos desta doença no Município de Pedreira, situado na região de Campinas, que fica no nordeste do Estado de São Paulo, Brasil, correspondendo à 5ª Região Administrativa, e compreendendo 88 municípios. Alguns estudos foram realizados no Município de Pedreira, mas a falta de registro de casos foi um obstáculo encontrado. Com a finalidade de recuperar o histórico da doença, resolveu-se pesquisar e registrar as ocorrências de febre maculosa na região no período de 1985 a 2000 e analisar o seu comportamento. Foram recuperados todos os registros da doença nos diversos serviços de saúde pública. Observou-se uma ampliação da área de transmissão e a ocorrência de um aumento dos casos suspeitos a partir de 1996, ano em que a doença foi determinada como de notificação compulsória na região. Esta doença foi causa de óbito na maioria dos anos do período de estudo. Conclui-se que a febre maculosa está em ascensão na região e estudos bioecológicos complementares estão sendo desenvolvidos para melhor compreensão da epidemiologia dessa doença, que é mundialmente reconhecida como um problema emergente de saúde pública.

  7. Caracterização de Rickettsia spp. circulante em foco silencioso de febre maculosa brasileira no Município de Caratinga, Minas Gerais, Brasil

    Luciane Daniele Cardoso

    2006-03-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi caracterizar Rickettsia spp. circulante em artrópodes vetores no Município de Caratinga, Minas Gerais, Brasil, por meio da PCR, e investigar a presença de anticorpos para riquétsias do grupo da febre maculosa em cães e eqüinos. 2.610 ectoparasitos foram coletados e identificados taxonomicamente. Amostras de DNA obtidas desses vetores foram submetidas à PCR e seqüenciamento. Em pulgas do gênero Ctenocephalides e em carrapatos Amblyomma cajennense foram identificadas seqüências com 100% de homologia com R. felis. Em carrapatos Rhipicephalus sanguineus uma seqüência apresentou 99% de homologia com R. felis e uma seqüência obtida de A. cajennense apresentou 97% de homologia com R. honei e R. rickettsii. Soros de cães (73 e de eqüinos (18 foram submetidos à imunofluorescência indireta (RIFI usando-se antígeno de R. rickettsii. Apenas três dos soros de eqüinos (17% mostraram-se positivos. A detecção molecular de riquetsias potencialmente patogênicas ao homem em vetores e a presença de sororeatividade para riquetsias do grupo da febre maculosa em eqüinos, demonstram o risco de transmissão de riquetsioses nessa área e a necessidade de se manter um sistema contínuo de vigilância epidemiológica.

  8. Brazilian spotted fever: description of a fatal clinical case in the State of Rio de Janeiro Febre maculosa brasileira: descrição de um caso fatal no estado do Rio de Janeiro

    Elba Regina Sampaio de Lemos

    2002-10-01

    Full Text Available We describe a case of Brazilian spotted fever in a previously healthy young woman who died with petechial rash associated to acute renal and respiratory insufficiency 12 days following fever, headache, myalgia, and diarrhea. Serologic test in a serum sample, using an immunofluorescence assay, revealed reactive IgM/IgG.Descreve-se um caso de febre maculosa brasileira numa paciente adulta, previamente saudável, que evoluiu para o óbito apresentando um quadro de exantema petequial associado à insuficiência respiratória e renal após 12 dias de doença caracterizada por febre, cefaléia, mialgia e diarréia. Teste de imunofluorescência indireta realizado em amostra de sangue foi reativo para IgM e IgG anti-Rickettsia rickettsii.

  9. Isolamento de Rickettsia em cultura de células vero

    Melles Heloisa Helena Barbosa

    1999-01-01

    Full Text Available Embora o diagnóstico da febre maculosa baseie-se em sinais e sintomas característicos, o mesmo requer confirmação laboratorial, pois existem alguns diagnósticos diferenciais possíveis como meningococcemia, leptospirose, infecção por enterovírus e febre tifóide. A confirmação laboratorial pode ser feita através da pesquisa de anticorpos específicos, possível somente alguns dias após o aparecimento da doença, através do isolamento do agente em amostras de sangue e/ou biópsia de pele, e ainda, de amostras de carrapatos coletados do paciente ou de animais reservatório. O isolamento a partir de sangue ou biópsia de pele resulta em diagnóstico precoce da doença, pois na fase de rickettsemia ainda não há anticorpos detectáveis no sangue. Assim, com o objetivo de facilitar o diagnóstico precoce da febre maculosa, estabelecemos um método de isolamento de rickettsia em cultura de células vero. Para a padronização foi inoculada amostra padrão de Rickettsia rickettsii, cepa Sheyla Smith, cedida pelo CDC. A identificação foi feita através da reação de imunofluorescência indireta. A presença de microrganismos verdes fluorescentes visualizados no interior do citoplasma das células caracterizou o crescimento do agente. Posteriormente, a metodologia foi confirmada pelo isolamento do agente da febre maculosa em amostras de biópsia de pele de paciente proveniente de área endêmica no Estado de São Paulo, bem como, de amostras de carrapato do gênero Amblyomma, considerado o reservatório e transmissor da doença no Brasil.

  10. Situação da febre maculosa na Região Administrativa de Campinas, São Paulo, Brasil Spotted fever in Campinas region, State of São Paulo, Brazil

    Virgília Luna Castor de Lima

    2003-02-01

    Full Text Available A febre maculosa brasileira foi detectada pela primeira vez no Estado de São Paulo em 1929. No entanto, não há registro sistemático de casos neste Estado. Em 1985 ocorreram três casos desta doença no Município de Pedreira, situado na região de Campinas, que fica no nordeste do Estado de São Paulo, Brasil, correspondendo à 5ª Região Administrativa, e compreendendo 88 municípios. Alguns estudos foram realizados no Município de Pedreira, mas a falta de registro de casos foi um obstáculo encontrado. Com a finalidade de recuperar o histórico da doença, resolveu-se pesquisar e registrar as ocorrências de febre maculosa na região no período de 1985 a 2000 e analisar o seu comportamento. Foram recuperados todos os registros da doença nos diversos serviços de saúde pública. Observou-se uma ampliação da área de transmissão e a ocorrência de um aumento dos casos suspeitos a partir de 1996, ano em que a doença foi determinada como de notificação compulsória na região. Esta doença foi causa de óbito na maioria dos anos do período de estudo. Conclui-se que a febre maculosa está em ascensão na região e estudos bioecológicos complementares estão sendo desenvolvidos para melhor compreensão da epidemiologia dessa doença, que é mundialmente reconhecida como um problema emergente de saúde pública.Brazilian spotted fever was detected for the first time in the State of São Paulo in 1929. However, there is no systematic reporting of the disease in the State. In 1985, three cases of the disease occurred in the municipality of Pedreira, located in the Campinas Region, belonging to the 5th Administrative Region, in the Northeast part of the State, including 88 municipalities. An investigation was conducted at the time, but the lack of case registry limited its scope. The present study was undertaken with the aim of recovering the history of the disease in the Region. Data recovered from several public health services for

  11. Brazilian spotted fever in cart horses in a non-endemic area in Southern Brazil Febre maculosa brasileira em cavalo de carroceiro em área não-endêmica no Sul do Brasil

    Marta Cristina Diniz de Oliveira Freitas

    2010-06-01

    Full Text Available Brazilian Spotted Fever (BSF is an often fatal zoonosis caused by the obligate intracellular bacterium Rickettsia rickettsii. The disease is generally transmitted to humans by Amblyomma spp. ticks. Serological evidence of past infection by R. rickettsii has been reported in horses, but the pathogenicity of R. rickettsii in horses remains unknown. Cart horses are still widely used in urban and urban fringe areas in Brazil, and these animals may constitute suitable sentinels for BSF human in these areas, for example, in Sao Jose dos Pinhais, where the first BSF human case in the state of Parana was diagnosed. Serum samples were randomly obtained from 75 cart horses between April 2005 and June 2006 and were tested by means of the indirect immunofluorescence assay (IFA for antibodies against rickettsia of the spotted fever group. A total of 9.33% of the animals were considered positive, with titers ranging from 64 to 1,024. These results indicate the presence of the agent in such areas, although at low rates.A febre maculosa brasileira (FMB é uma zoonose, muitas vezes fatal, causada pela bactéria intracelular obrigatória Rickettsia rickettsii. A doença é transmitida para humanos pelo carrapato Amblyomma spp. Sorologia positiva por R. rickettsii foi relatada em cavalos, entretanto a patogenia de R. rickettsii em cavalos é desconhecida. Cavalos de carroceiros ainda são largamente utilizados em áreas urbanas e peri-urbanas no Brasil e estes animais podem representar sentinelas ideais para FMB nestas áreas, como exemplo, São José dos Pinhais, onde o primeiro caso humano de FMB foi descrita no Paraná. Amostras de soro foram obtidas aleatoriamente de 75 cavalos de carroceiros entre abril de 2005 e junho de 2006 e testados pela reação de imunofluorescência indireta (RIFI com anticorpos contra riquétsias do grupo da febre maculosa. Um total de 9,33% dos animais foi considerado positivo, com títulos entre 64 e 1.024. Estes resultados indicam

  12. Rickettsial spotted fever in capoeirão Village, Itabira, Minas Gerais, Brazil Rickettsiose do grupo da febre maculosa na Vila de Capoeirão, Itabira, Minas Gerais, Brasil

    Manoella Campostrini Barreto Vianna

    2008-10-01

    Full Text Available The present study investigated the infection by spotted fever rickettsia in an endemic area for Brazilian spotted fever (BSF; caused by Rickettsia rickettsii in Minas Gerais State, Brazil. Human, canine and equine sera samples, and Amblyomma cajennense adult ticks collected in a rural area of Itabira City, Minas Gerais State were tested for rickettsial infection. Through Immunofluorescence Assay (IFA we demonstrated the presence of antibodies anti-R. rickettsii in 8.2%, 81.3% and 100% of the human, canine and equine sera, respectively. None of the 356 tick specimens analyzed were positive for Rickettsia by the hemolymph test or Polymerase Chain Reaction technique (PCR for the htrA and the gltA genes. Our serological results on horses and dogs (sentinels for BSF appoint for the circulation of a SFG Rickettsia in the study area, however in a very low infection rate among the A. cajennense tick population.O presente estudo investigou a infecção por rickéttsias do grupo da febre maculosa (GFM em área endêmica para febre maculosa brasileira (FMB; causada por Rickettsia rickettsii no Estado de Minas Gerais, Brasil. Amostras de soros de humanos, cães e eqüídeos, e carrapatos Amblyomma cajennense adultos colhidos em um povoado rural em Itabira, Minas Gerais foram testados para infecção por Rickettsia. Pela Reação de Imunofluorescência Indireta (RIFI foram detectados anticorpos anti-R. rickettsii em 8,2% dos soros humanos, 81,3% dos cães e em 100% dos eqüídeos. Nenhum dos 356 carrapatos se mostrou positivo para Rickettsia no teste de hemolinfa e na reação em cadeia pela polimerase (PCR objetivando amplificar fragmentos de DNA dos genes htrA and the gltA. Os resultados sorológicos em eqüinos e cães (sentinelas para FMB apontam para a circulação de uma rickéttsia do GFM na área do estudo, porém, numa freqüência de infecção muito baixa na população do carrapato A. cajennense.

  13. Dinâmica sazonal de carrapatos (Acari: Ixodidae na mata ciliar de uma área endêmica para febre maculosa na região de Campinas, São Paulo, Brasil

    Souza Savina Silvana Aparecida Lacerra de

    2006-01-01

    Full Text Available A febre maculosa é mundialmente reconhecida como um problema reemergente de saúde pública. Na região de Campinas-SP, observam-se uma ampliação da área de transmissão do agente da doença e a ocorrência de um maior número de casos confirmados nos últimos anos. Nesta região, a maioria dos casos desta doença está quase sempre relacionada com o aumento populacional de capivaras, que são um dos principais hospedeiros primários do estádio adulto do carrapato Amblyomma cajennense. O principal objetivo deste estudo foi determinar o comportamento populacional de larvas, ninfas e adultos de Amblyomma spp no habitat de mata ciliar de uma área endêmica. De novembro de 2000 a outubro de 2002, carrapatos de vida livre foram coletados com armadilhas de CO2. Picos populacionais de larvas do gênero Amblyomma se estenderam por praticamente todos os meses do ano. Ninfas do gênero Amblyomma ocorreram o ano todo na mata ciliar, sendo mais abundantes de julho a dezembro. Adultos de A. cajennense foram mais abundantes na estação de primavera e verão. Adultos de A. dubitatum (=Amblyomma cooperi apresentaram um padrão sazonal diferenciado, com os maiores picos populacionais ocorrendo de agosto a fevereiro.

  14. Isolamento de Haemophiliis aegyptius associado à Febre Purpúrica Brasileira, de cloropídeos (Diptera dos gêneros Hippelates e Liohippelates Isolation of Haemophilus aegyptius associated to Brazilian purpuric fever from Hippelates and Liohippelates flies (Diptera: Chloropidae

    M. L. C. Tondella

    1994-04-01

    Full Text Available O reconhecimento da Febre Purpúrica Brasileira (FPB, em 1984, originou uma série de estudos que revelaram uma correlação desta doença com conjuntivites causadas por Haemophiliis aegyptius. A associação do aumento de conjuntivites em crianças e a maior densidade populacional de cloropídeos do gênero Hippelates já havia sido verificada desde o século passado. Este fenômeno está relacionado ao tropismo que estes insetos apresentam pelos olhos, secreções e feridas de onde se alimentam. Embora haja evidências do papel destes cloropídeos na transmissão mecânica de conjuntivites bacterianas, o isolamento de Haemophilus aegyptius a partir dos mesmos, no seu habitat natural, ainda não havia sido verificado. No presente trabalho obtivemos o isolamento de cepas invasivas de Haemophilus aegyptius, associadas à FPB, de duas coleções de cloropídeos, classificados como Liohippelates peruanus e uma espécie nova, Hippelates neoproboscideus, coletados ao redor dos olhos de crianças com conjuntivite.The recognition of the Brazilian purpuric fever (BPF in 1984 led to a number of studies which showed a relation between this disease and conjunctivitis caused by Haemophilus aegyptius. The increase in cases of conjunctivitis in children associated with higher population density of eye gnats (Chloropidae: Hippelates has been reported since last century. This phenomenon is related to the attraction that those flies show for the eyes, secretions and wounds, from where they feed on. Although there are evidences on the role of these flies in the mechanical transmission of seasonal bacterial conjunctivitis, the isolation of Haemophilus aegyptius from them in their natural habitat had not been demonstrated yet. In this study Haemophilus aegyptius associated to BPF was isolated from two pools of chloropids collected around the eyes of children with conjuntivitis which were identified as Liohippelates peruanus (Becker and a new species Hippelates

  15. Febre maculosa das Montanhas Rochosas: ensaios negativos de transmissão experimental do virus por Triatomideos Rocky Mountain spotted fever: failure of Triatomid bugs to transmit the virus experimentally

    Cornelius B. Philip

    1938-01-01

    Full Text Available 1. - As seguintes especies de Triatomideos não puderam transmitir pela picada o virus da febre maculosa das Montanhas Rochosas a cobayas normaes, nos seguintes prazos após a sucção de animal infectado: Eutriatoma uhleri, 33, 47, 75 e 141 dias (1 exemplar; Triatoma protracta, 15 e 37 dias (1 exemplar, Triatoma infestans, 8 dias (15 exemplares, e Rhodnius prolixus, 2 dias (1 exemplar. Foi demonstrado por inoculaçao que o ultimo insecto ainda continha o virus vivo. 2. - Experiencias de transmissão mechanica, por picada interrompida em animal infectado e continuada immediatamente em animal são, foram tambem negativas, com as especies T. protracta e R. prolixus. Um unico insecto da primeira especie picou 2 vezes cada animal, emquanto que 22 exemplares da segunda especie picaram de 1 a 3 vezes cada cobaya. 3. - A inoculação de gottas de dejecções de um R. prolixus eliminadas 2 dias depois de sugar animal infectado, não produziu a infecção em cobaya normal, não obstante ter sido demonstrada a presença do virus no organismo do barbeiro, por inoculação do conteúdo estomacal em outra cobaya. 4. - Foram feitas experiencias para determinar o tempo de sobrevivencia do virus nos barbeiros, inoculando-se conteúdo intestinal a diversos intervallos depois da sucção de cobayas infectadas, com os seguintes resultados: T. infestans: positivo 1 vez em 24 horas e 2 vezes em 48 horas; negativo 2 vezes em 72. 96, 120 e 192 horas. P. megistus: positivo 3 vezes em 24 horas, 2 vezes em 48 horas e 1 vez em 72 horas; negativo 1 vez em 72 e 96 horas; resultado duvidoso ou sem valor (infecção intercorrente 1 vez em 48 horas e 2 vezes a 72, 96 e 144 horas cada um. R. prolixus: positivo 1 vez em 24, 48 e 72 horas e negativo em 96 horas. 5. - Em vista dos resultados destas experiencias, feitas com 5 especies pertecentes a 4 generos de Triatomideos, torna-se muito pouco provavel que estes Hemipteros possam transmitir pela picada o virus da febre maculosa

  16. Rickettsia species infecting Amblyomma ticks from an area endemic for Brazilian spotted fever in Brazil Rickettsia infectando carrapatos Amblyomma de uma área endêmica para febre maculosa Brasileira no Brasil

    Elizângela Guedes

    2011-12-01

    Full Text Available This study reports rickettsial infection in Amblyomma cajennense and Amblyomma dubitatum ticks collected in an area of the state of Minas Gerais, Brazil, where Brazilian spotted fever is considered endemic. For this purpose, 400 adults of A. cajenennse and 200 adults of A. dubitatum, plus 2,000 larvae and 2,000 nymphs of Amblyomma spp. were collected from horses and from the vegetation. The ticks were tested for rickettsial infection through polymerase chain reaction (PCR protocols targeting portions of three rickettsial genes (gltA, ompA, and ompB. Only two free-living A. cajennense adult ticks, and four pools of free-living Amblyomma spp. nymphs were shown to contain rickettsial DNA. PCR products from the two A. cajennense adult ticks were shown to be identical to corresponding sequences of the Rickettsia rickettsii strain Sheila Smith. DNA sequences of gltA-PCR products of the four nymph pools of Amblyomma spp. revealed a new genotype, which was shown to be closest (99.4% to the corresponding sequence of Rickettsia tamurae. Our findings of two R. rickettsii-infected A. cajennense ticks corroborate the endemic status of the study area, where human cases of BSF were reported recently. In addition, we report for the first time a new Rickettsia genotype in Brazil.Este trabalho relata infecção por Rickettsia em carrapatos Amblyomma cajennense e Amblyomma dubitatum, colhidos numa área do Estado de Minas Gerais, onde a febre maculosa brasileira (FMB é considerada endêmica. Para esse estudo, 400 adultos de A. cajennense, 200 adultos de A. dubitatum, 2.000 larvas e 2.000 ninfas de Amblyomma spp. foram colhidas de equinos e da vegetação. Os carrapatos foram testados para infecção por rickettsia através de reação em cadeia pela polimerase (PCR direcionada a fragmentos de três genes de rickettsia (gltA, ompA, e ompB. Apenas 2 A. cajennense adultos de vida livre, e 4 grupos de ninfas de Amblyomma spp. continham DNA de rickettsia. Os produtos

  17. Study of infection by Rickettsiae of the spotted fever group in humans and ticks in an urban park located in the City of Londrina, State of Paraná, Brazil Estudo da infecção por Rickettsias do grupo da febre maculosa em humanos e carrapatos de um parque urbano na Cidade de Londrina, Estado do Paraná

    Roberta Santos Toledo

    2011-06-01

    Full Text Available INTRODUCTION: Spotted fevers are emerging zoonoses caused by Rickettsia species in the spotted fever group (SFG. Rickettsia rickettsii is the main etiologic agent of Brazilian spotted fever (BSF and it is transmitted by Amblyomma spp. ticks. METHODS: The study aimed to investigate SFG rickettsiae in the Arthur Thomas Municipal Park in Londrina, PR, by collecting free-living ticks and ticks from capybaras and blood samples from personnel working in these areas. Samples from A. dubitatum and A. cajennense were submitted for PCR in pools to analyze the Rickettsia spp. gltA (citrate synthase gene. RESULTS: All the pools analyzed were negative. Human sera were tested by indirect immunofluorescence assay with R. rickettsii and R. parkeri as antigens. Among the 34 sera analyzed, seven (20.6% were reactive for R. rickettsii: four of these had endpoint titers equal to 64, 2 titers were 128 and 1 titer was 256. None of the samples were reactive for R. parkeri. An epidemiological questionnaire was applied to the park staff, but no statistically significant associations were identified. CONCLUSIONS: The serological studies suggest the presence of Rickettsiae related to SFG that could be infecting the human population studied; however, analysis of the ticks collected was unable to determine which species may be involved in transmission to humans.INTRODUÇÃO: A febre maculosa é uma zoonose emergente causada por espécies de Rickettsia do grupo febre maculosa (GFM. Rickettsia rickettsii é o principal agente etiológico da febre maculosa brasileira (FMB e é transmitida por Amblyomma spp. MÉTODOS: Com o objetivo de obter informações sobre GFM Rickettsiae no Parque Municipal Arthur Thomas em Londrina, PR, carrapatos de vida livre e de capivaras foram coletados, assim como amostras de sangue das pessoas que trabalham no parque. A. dubitatum e A. cajennense foram submetidos à PCR em pools para analises de Rickettsia spp. gltA (citrate synthase gene

  18. Circulação de Rickettsias do Grupo da Febre Maculosa em cães no entorno de Unidades de Conservação Federais do estado do Rio de Janeiro: evidência sorológica e fatores associados

    Sabrina D.E. Campos

    Full Text Available RESUMO: Doenças causadas por rickettsias tem ampla distribuição geográfica e estão associadas a artrópodes hematófagos. Rickettsia rickettsii é espécie mais patogênica do Grupo da Febre Maculosa (GFM e responsável pela Febre Maculosa Brasileira. No sudeste do país a doença é endêmica e inquéritos sorológicos tem demonstrado presença de anticorpos para antígenos do GFM em cães, reforçando a participação do cão como sentinela. Os principais vetores são carrapatos do gênero Amblyomma, cujos hospedeiros são, muitas vezes, animais de vida silvestre. Assim, objetivou-se avaliar a circulação de rickettsias do GFM no entorno de Unidades de Conservação (UC no Rio de Janeiro por meio da Imunofluorescência Indireta em cães, além de determinar os fatores associados. Amostras de soro de 155 cães foram testadas, sendo 16,1% dos animais sororreagentes pelo menos a um dos antígenos testados. Houve associação entre a sororreatividade dos cães e o acesso à mata; falta de assistência médico-veterinária; falta de medidas contra carrapatos; e renda familiar do responsável de até dois salários mínimos. Cães com este perfil apresentaram maior chance de serem expostos aos agentes do GFM. De acordo com o modelo de regressão logística, não frequentar áreas de mata foi considerado um fator de proteção para o cão, juntamente com possuir acompanhamento médico-veterinário e receber medidas contra carrapatos. Concluiu-se que patógenos do GFM circulam no entorno das UC estudadas, sendo possível que R. rickettsii e R. parkeri infectem cães, uma vez que os animais demonstraram exposição aos dois agentes. Ressalta-se a participação do veterinário e a adoção de medidas de combate a carrapatos como ferramentas na prevenção da infecção rickettsial.

  19. Caracterização de Rickettsia spp. circulante em foco silencioso de febre maculosa brasileira no Município de Caratinga, Minas Gerais, Brasil Characterization of Rickettsia spp. circulating in a silent peri-urban focus for Brazilian spotted fever in Caratinga, Minas Gerais, Brazil

    Luciane Daniele Cardoso

    2006-03-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi caracterizar Rickettsia spp. circulante em artrópodes vetores no Município de Caratinga, Minas Gerais, Brasil, por meio da PCR, e investigar a presença de anticorpos para riquétsias do grupo da febre maculosa em cães e eqüinos. 2.610 ectoparasitos foram coletados e identificados taxonomicamente. Amostras de DNA obtidas desses vetores foram submetidas à PCR e seqüenciamento. Em pulgas do gênero Ctenocephalides e em carrapatos Amblyomma cajennense foram identificadas seqüências com 100% de homologia com R. felis. Em carrapatos Rhipicephalus sanguineus uma seqüência apresentou 99% de homologia com R. felis e uma seqüência obtida de A. cajennense apresentou 97% de homologia com R. honei e R. rickettsii. Soros de cães (73 e de eqüinos (18 foram submetidos à imunofluorescência indireta (RIFI usando-se antígeno de R. rickettsii. Apenas três dos soros de eqüinos (17% mostraram-se positivos. A detecção molecular de riquetsias potencialmente patogênicas ao homem em vetores e a presença de sororeatividade para riquetsias do grupo da febre maculosa em eqüinos, demonstram o risco de transmissão de riquetsioses nessa área e a necessidade de se manter um sistema contínuo de vigilância epidemiológica.The present study was intended to characterize Rickettsia spp. circulating in arthropod vectors in Caratinga, Minas Gerais, Brazil, by PCR and to investigate the presence of antibodies against the spotted fever Rickettsiae group (SFRG in dogs and horses. 2,610 arthropods were collected and taxonomically identified. DNA samples obtained from these vectors were submitted to PCR and cycle-sequenced. Ctenocephalides and Amblyomma cajennense showed sequences presenting 100.0% homology with R. felis. A sequence obtained from Rhipicephalus sanguineus showed 99.0% homology with R. felis, and a sequence from A. cajennense showed 97.0% homology with R. honei and R. rickettsii. Canine (73 and equine (18 serum

  20. Serosurvey of Rickettsia spp. in dogs and humans from an endemic area for Brazilian spotted fever in the State of São Paulo, Brazil Sorologia para Rickettsia spp. em cães e humanos de uma área endêmica para febre maculosa brasileira no Estado de São Paulo, Brasil

    Adriano Pinter

    2008-02-01

    Full Text Available The present study provides a rickettsial serosurvey in 25 dogs and 35 humans in an endemic area for Brazilian spotted fever in the State of São Paulo, where the tick Amblyomma aureolatum is the main vector. Testing canine and human sera by indirect immunofluorescence against four Rickettsia antigens (R. rickettsii, R. parkeri, R. felis and R. bellii showed that 16 (64% of canine sera and 1 (2.8% of human sera reacted to at least one of these rickettsial antigens with titers ³ 64. Seven canine sera and the single reactive human serum showed titers to R. rickettsii at least four times those of any of the other three antigens. The antibody titers in these 7 animals and 1 human were attributed to stimulation by R. rickettsii infection. No positive canine or human serum was attributed to stimulation by R. parkeri, R. felis, or R. bellii. Our serological results showed that dogs are important sentinels for the presence of R. rickettsii in areas where the tick A. aureolatum is the main vector of Brazilian spotted fever.Este estudo avaliou a ocorrência de anticorpos anti-Rickettsia em 25 cães e 35 humanos, em uma área endêmica para a febre maculosa brasileira no Estado de São Paulo, onde o principal vetor é o carrapato Amblyomma aureolatum. Soros dos cães e humanos foram testados pela técnica de imunofluorescência indireta contra quatro antígenos de riquétsias (R. rickettsii, R. parkeri, R. felis, R. bellii, mostrando que soros de 16 (64% cães e 1 (2,8% humano reagiram com títulos ³ 64 para pelo menos um dos antígenos de riquétsias. Sete soros caninos e o único soro humano reativo demonstraram títulos para R. rickettsii no mínimo quatro vezes maior do que aqueles para os outros antígenos de riquétsias. Os títulos de anticorpos nesses cães e um humano foram considerados homólogos a R. rickettsii, enquanto que nenhum soro de cão ou humano foi considerado reativamente homólogo para R. parkeri, R. felis ou R. bellii. Os

  1. Serosurvey of antibodies against spotted fever group Rickettsia spp. in horse farms in Northern Paraná, Brazil Soroprevalência de anticorpos contra Rickettsia spp. do grupo febre maculosa em equinos de haras no Norte do Paraná, Brasil

    Katia Tamekuni

    2010-12-01

    Full Text Available Brazilian spotted fever (BSF is an emerging disease most likely caused by Rickettsia rickettsii. The objective of the present study was to estimate the seroprevalence of BSF rickettsia infections in equines from six horse farms located in Londrina County, Paraná, Southern Brazil. Six owners of horse farms situated in Cambé, Santa Fé, Guaraci and Londrina municipalities participated in the study. All farms were located in areas where BSF has not been reported. A total of 273 horses were sampled and their sera were tested by indirect Immunofluorescence assay (IFA using R. rickettsii and R. parkeri antigens. Titers equal to and greater than 64 were considered positive. Of 273 sera tested, 15 (5.5% reacted to R. rickettsii and 5 (1.8% to R. parkeri. Five out of the six farms studied revealed seropositive animals and seropositivity rate ranged from 0 to 13%. The titers ranged from 64 to 512, and four samples had a titer of 512. Nine animals reacted to R. rickettsii with titers four-fold higher than those for R. parkeri. These results suggest that horses in Northern Paraná may have been exposed to rickettsiae identical or closely related to R. rickettsii.Febre Maculosa Brasileira (FMB é uma doença emergente, sendo Rickettsia rickettsii o seu principal agente etiológico. O objetivo deste estudo foi determinar a soroprevalência de rickettsia do grupo da febre maculosa em equinos de seis haras localizados nos municípios de Cambé, Santa Fé, Guaraci e Londrina. As propriedades eram localizadas na região Norte do Paraná onde casos de FMB ainda não foram diagnosticados. Foram colhidas amostras de sangue de 273 equinos, e os soros foram testados pela RIFI, usando R. rickettsii e R. parkeri como antígenos, considerando-se como positivos títulos >64. Entre 273 soros, 15 (5,5% reagiram contra R. rickettsii e 5 (1,8% para R. parkeri. Cinco de seis haras estudados tinham animais reativos, e a taxa de sororreatividade variou de 0 a 13%. Os t

  2. Epidemiological aspects of the Brazilian spotted fever: serological survey of dogs and horses in an endemic area in the State of São Paulo, Brazil Aspectos epidemiológicos da febre maculosa brasileira: inquérito sorológico em cães e equinos em uma área endêmica no estado de São Paulo, Brasil

    Elba R.S. de Lemos

    1996-12-01

    Full Text Available In order to obtain information on Brazilian spotted fever, a study in domestic animals was performed in the County of Pedreira, State of São Paulo, Brazil, where 17 human cases had been notified. Serum samples obtained from animals were tested by indirect immunofluorescence for detectable antibodies to spotted fever-group rickettsiae. Seropositivity was revealed in 12 (36.4% of 33 dogs and seven (77.8% of nine horses from the endemic area. For comparison, blood samples from dogs and horses from non endemic area were tested and four (12.9% of 31 dogs and three (27.3% of 11 horses were positive. The highest titers of antibodies by IFA (IgG > 1:1024 were found only in three dogs and six horses from endemic area. The results suggest that dogs as horses may serve as environmental sentinels for estabilishing the prevalence of foci of spotted fever in Brazil.Com o objetivo de obter informações sobre a febre maculosa brasileira, um estudo em animais domésticos foi conduzido no município de Pedreira, São Paulo, Brasil, onde 17 casos humanos foram notificados. Amostras de soro obtidas de animais foram testadas pelo teste de imunofluorescência indireta para detecção de anticorpos para rickettsia do grupo da febre maculosa. Soro reatividade foi observada em 12 (36,4% dos 33 cães e sete (77,8% dos nove eqüinos procedentes da área endêmica. Para comparação, amostras de sangue de cães e de eqüinos procedentes de área não endêmica foram testadas e quatro (12,9% dos 31 cães e três dos 10 eqüinos foram positivos. Somente três cães e seis eqüinos procedentes da área endêmica tinham títulos de anticorpos imunofluorescentes elevados (> 1:1024. Os resultados obtidos sugerem que além dos cães, os eqüinos poderiam servir também como animal sentinela na febre maculosa brasileira

  3. Avaliação dos conhecimentos e atitudes de prevenção sobre a febre maculosa entre profissionais de saúde no BrasilKnowledge and attitudes of prevention evaluation of spotted fever among health care professionals in Brazildoi:10.12662/2317-3076jhbs.v4i3.851.p152-159.2016

    Stefan Vilges de Oliveira

    2016-09-01

    Full Text Available Introdução: A febre maculosa (FM é uma doença transmitida por carrapatos, o que, no Brasil, preocupa as autoridades do Sistema Único de Saúde (SUS por apresentar elevados coeficientes de letalidade. Objetivo: Descrever os conhecimentos e as atitudes de prevenção sobre a FM entre profissionais do SUS. Métodos: Foi realizado entre os meses de outubro a dezembro de 2015, um inquérito sobre os conhecimentos e as atitudes de prevenção sobre a FM entre os profissionais da saúde. Um questionário na plataforma FormSUS foi submetido a 426 profissionais de todo o Brasil que previamente já haviam participado de capacitações e atividades que envolviam o tema em questão. Vinte unidades federadas foram respondedoras da pesquisa (112/426. Foi possível verificar que a maioria dos profissionais de saúde conhece as condutas de notificação e de investigação epidemiológica. As incorporações recentes no programa de vigilância epidemiológica são de conhecimento da maioria dos respondentes. A rotatividade dos profissionais foi mencionada como principal dificultador das ações de vigilância da doença. Ações de fortalecimento dos programas de vigilância são realizadas de forma esporádica, somente no momento da ocorrência de casos de FM e não ocorrem de forma integral no âmbito do SUS. Conclusão: Cabe a cada segmento do SUS buscar seguir as diretrizes do sistema de vigilância epidemiológica da FM para que, de forma integral, se consiga reverter o panorama de morbimortalidade desta importante doença no Brasil.

  4. Febre amarela Yellow fever

    Pedro Fernando da Costa Vasconcelos

    2003-04-01

    Full Text Available A febre amarela é doenca infecciosa não-contagiosa causada por um arbovírus mantido em ciclos silvestres em que macacos atuam como hospedeiros amplificadores e mosquitos dos gêneros Aedes na África, e Haemagogus e Sabethes na América, são os transmissores. Cerca de 90% dos casos da doença apresentam-se com formas clínicas benignas que evoluem para a cura, enquanto 10% desenvolvem quadros dramáticos com mortalidade em torno de 50%. O problema mostra-se mais grave em África onde ainda há casos urbanos. Nas Américas, no período de 1970-2001, descreveram-se 4.543 casos. Os países que mais diagnosticaram a doença foram o Peru (51,5%, a Bolívia (20,1% e o Brasil (18,7%. Os métodos diagnósticos utilizados incluem a sorologia (IgM, isolamento viral, imunohistoquímica e RT-PCR. A zoonose não pode ser erradicada, mas, a doença humana é prevenível mediante a vacinação com a amostra 17D do vírus amarílico. A OMS recomenda nova vacinação a cada 10 anos. Neste artigo são revistos os principais conceitos da doença e os casos de mortes associados à vacina.Yellow fever is an infectious and non-contagious disease caused by an arbovirus, the yellow fever virus. The agent is maintained in jungle cycles among primates as vertebrate hosts and mosquitoes, especially Aedes in Africa, and Haemagogus and Sabethes in America. Approximately 90% of the infections are mild or asymptomatic, while 10% course to a severe clinical picture with 50% case-fatality rate. Yellow fever is largely distributed in Africa where urban epidemics are still reported. In South America, between 1970-2001, 4,543 cases were reported, mostly from Peru (51.5%, Bolivia (20.1% and Brazil (18.7%. The disease is diagnosed by serology (detection of IgM, virus isolation, immunohistochemistry and RT-PCR. Yellow fever is a zoonosis and cannot be eradicated, but it is preventable in man by using the 17D vaccine. A single dose is enough to protect an individual for at least

  5. Carrapatos do gênero amblyomma (acari: ixodidae e suas relações com os hospedeiros em área endêmica para febre maculosa no Estado de São Paulo Ticks of genus Amblyomma (Acari: Ixodidae and their relationship with hosts in endemic area for spotted fever in the state of São Paulo

    Carlos Alberto Perez

    2008-12-01

    Full Text Available Foram avaliadas 7 espécies da mastofauna e 36 da avifauna quanto à prevalência e intensidade de infestação por carrapatos na ESALQ/USP, no Município de Piracicaba, SP. Analisaram-se 52 indivíduos da mastofauna e 158 da avifauna, parasitados por 12418 carrapatos. Os exemplares adultos (N= 7343 foram encontrados em parasitismo nas capivaras enquanto que os imaturos foram, na maioria, coletados de pequenos mamíferos e aves. Os principais hospedeiros para as formas imaturas, em ordem decrescente, foram gambás (69,1%, capivaras (24,4% e urubus (3,7%. Entre a avifauna, o urubu apresentou o maior número de carrapatos com 69,9%, seguido por indivíduos das famílias Thamnophilidae e Turdidae. Os carrapatos adultos encontrados em capivaras foram A. cajennense (80,8% e A. dubitatum (19,2%. Ambas as espécies foram também coletadas em gambás, correspondendo a 72,4% e 27,6%, respectivamente. Pela facilidade de captura e atratividade de Amblyomma spp. o gambá pode ser usado como bioindicador de infestação em locais endêmicos para febre maculosa. Considerando os índices de parasitismo e prevalência bem como de abundância de carrapatos, susceptibilidade dos hospedeiros, proliferação e susceptibilidade para infecção por R. rickettsi, capivaras e gambás são potenciais hospedeiros amplificadores desse microrganismo no Campus da ESALQ, enquanto eqüídeos, urubus e gatos atuam como hospedeiros secundários.Seven species of mammals and 36 of birds were investigated to determine the tick prevalence and intensity of infestation. The study was conducted at the Esalq/USP in Piracicaba municipality, State of São Paulo. It was collected 52 mammals and 158 birds parasitized by 12,418 ticks. Adult ticks (N= 7,343 were found on capybaras, while the immature were mainly collected on small mammals and birds. The main hosts for immatures in descending order were opossums (69.1%, capybara (24.4% and black vultures (3.7%. Among the avifauna, the black

  6. Atrophia maculosa varioliformis cutis.

    Kuflik, Julianne H; Schwartz, Robert A; Becker, Kenneth A; Lambert, W Clark

    2005-10-01

    Atrophia maculosa varioliformis cutis is a rare disease characterized by spontaneously formed facial scars in young adults. Its etiology is unknown; there may be an underlying defect of dermal elastin. We discuss a patient with this unusual disorder and review its literature.

  7. A Case of Atrophia Maculosa Varioliformis Cutis

    Kim, En Hyung; Kang, Hee Young

    2008-01-01

    Atrophia maculosa varioliformis cutis (AMVC) is a type of idiopathic noninflammatory macular atrophy that occurs in young individuals. It is clinically characterized by shallow, sharply demaracated depressions of various shapes. Considering that atrophia maculosa varioliformis cutis can be mistaken as scarring and artifact dermatitis, it is important for physicians to distinguish this condition and to diagnose it correctly.

  8. Resorcinol derivatives from Ardisia maculosa.

    Zheng, Ying; Wu, Feng-E

    2007-01-01

    Besides a series of known sterols and triterpenoids, a new resorcinol (1) and a known resorcinol (2) have been isolated from ethanol extract of Ardisia maculosa for the first time. The structures of these resorcinol derivatives were elucidated as 2-methyl-5-(Z-heptadec-8-enyl) resorcinol and 5-Z-heptadec-8-enyl) resorcinol by HRESI-MS, NMR ((1)H, (13)C, HSQC, HMBC) experiments. In our in vitro assay, compounds 1 and 2 showed no antimicrobial activities, however, compound 2 exhibited cytotoxity activity against human cancer cell line with GI(50) value of 2.14 x 10(- 4) mmol/ml.

  9. [Melanosis maculosa in a calf].

    Camenzind, D; Winzap, B; Hässig, M

    2003-07-01

    This work describes findings in a fattened calf, which were seen in a routine slaughter. The most important findings by the meat inspector were diffuse, black spots between 2 and 70 mm in diameter. This hyperpigmentation was observed on the entire carcass as well as on the outside and inside of all internal organs. Removal of the spinal cord produced black colored liquor. Subsequent microbiological examination of the meat resulted in sterile findings. The muscle pH was 5.8. On histological examination many macrophages containing melanin were found in the lung and liver. Based on these findings the diagnosis of Melanosis maculosa was made.

  10. A Case of Atrophia Maculosa Varioliformis Cutis.

    Kim, Dong Hyun; Lee, Seung Min; Kim, Tae Yoon; Yoon, Moon Soo

    2008-12-01

    Atrophia maculosa varioliformis cutis is a rare disease that was first described by Heidingsfeld in 1918. It is characterized by an idiopathic, non-inflammatory macular atrophy that typically occurs on the face in young individuals. Despite its association with some diseases, the etiopathogenesis of this entity remains unknown. After consideration of the differential diagnosis criteria for idiopathic atrophic conditions, we report a case for a 40-year-old Korean male whose past medical history was suggestive of atrophia maculosa varioliformis cutis.

  11. Atrophia maculosa varioliformis cutis: a pediatric case.

    Paradisi, M; Angelo, C; Conti, G; Palermi, G; Provini, A

    2001-01-01

    Atrophia maculosa varioliformis cutis was described in 1918 by Heidingsfeld as a type of idiopathic noninflammatory macular atrophy typically occurring in young individuals. Only 13 cases have been reported since the first description. Considering that atrophia maculosa varioliformis cutis can be mistaken for a scarring and artifact dermatitis, it is important for physicians to distinguish this condition. We report a new case in a 5-year-old boy.

  12. Familial atrophia maculosa varioliformis cutis.

    Kalayciyan, Aylin; Kotogyan, Agop; Demirkesen, Cuyan; Tüzün, Yalçin

    2003-07-01

    Atrophia maculosa varioliformis cutis (AVMC) was first described by Heidingsfeld in 1918, as a rarely reported form of idiopathic macular atrophy on the cheek (1). It is characterized, clinically, by shallow, sharply demarcated depressions in various shapes. Extrahepatic biliary atresia (2) and pachydermodactyly (3) have been the only conditions associated with AMVC reported in the past 80 years. Although keratosis pilaris is a common skin disorder, it is related to other idiopathic atrophic conditions considered in the differential diagnosis of AMVC, namely keratosis pilaris atrophicans (4). However, the two associations may be coincidental. We observed a patient with keratosis pilaris, and her brother and an unrelated young man, whose findings led to a diagnosis of AMVC.

  13. [Amyloidosis maculosa: diagnosis in primary care].

    Toribio da Pena, S R; Olmos, O; Borbujo, J; Bastos Amigo, J A; Jiménez-Sánchez, F; Alonso, A

    1990-01-01

    Amyloidosis maculosa is a clinical entity with low incidence factor in our medium, which basically affects middle-aged women. The lesion is characterised by the presence of poorly defined, hyperpigmented, brownish or greyish maculae that converge and focus basically on the upper back and shoulders, usually accompanied by pruritus. Three patients were erroneously catalogued for years as having pityriasis versicolor. Two of these patients presented a typical clinical amyloidosis maculosa, and the third presented a less common manifestation of the disease: a single, well-defined lesion in the subscapular region. We believe that the approach to the diagnosis of pityriasis versicolor with hyperpigmented lesions that do not respond to specific treatment should be revised. Although amyloidosis maculosa has a low incidence in our medium, it is an entity which should not be discarded in these cases.

  14. Chromosome reduction in Eleocharis maculosa (Cyperaceae).

    da Silva, C R M; González-Elizondo, M S; Laforga Vanzela, A L

    2008-01-01

    Chromosome numbers in Cyperaceae lower than the typical basic number x = 5 have been described for only three species: Rhynchospora tenuis (n = 2), Fimbristylis umbellaris (n = 3) and Eleocharis subarticulata (n = 3). Eleocharis maculosa is recorded here as the fourth species of Cyperaceae that has a chromosome number lower than 2n = 10, with 2n = 8, 7 and 6. The karyotype differentiation in E. maculosa was studied using conventional staining (mitosis and meiosis), FISH with 45S and 5S rDNA and telomere probes. The results allow us to determine which chromosomes of the chromosome race with 2n = 10 fused to form the remaining reduced numbers, as well as to understand how the symploidy and translocation mechanisms were important in karyotype differentiation and the formation of chromosome races in Eleocharis. Copyright 2008 S. Karger AG, Basel.

  15. Pachydermodactyly and atrophia maculosa varioliformis cutis.

    Callot, V; Wechsler, J; Hovnanian, A; Revuz, J

    1995-01-01

    Pachydermodactyly is a rare form of superficial digital fibromatosis characterized by progressive asymptomatic thickening of the back and sides of the proximal interphalangeal joints of the fingers. Atrophia maculosa varioliformis cutis is an acquired dermal atrophy, localized on the cheeks. Only a few cases of each pathology have been published. We find it interesting to report the case of a patient with both conditions as these two connective-tissue diseases are very rare. The association is probably fortuitous.

  16. FeBr3-catalyzed dibromination of alkenes and alkynes

    Yun Fa Zheng; Jian Yu; Guo Bing Yan; Xu Li; Song Luo

    2011-01-01

    The dibromination of alkenes and alkynes with bromosuccinimide and sodium bromide catalyzed by FeBr3 under mild conditions has been developed. The trans-dibromo compounds were exclusively obtained with excellent yields.

  17. Isolamento de Corynebacterium aquaticum em leite bubalino

    Andréa Alice da Fonseca Oliveira

    2005-08-01

    Full Text Available Estudou-se 548 quartos mamários de búfalas, realizando-se exame clínico, CMT para detecção de mastite e coleta de amostras para isolamento bacteriano. Houve crescimento em duas amostras de Corynebacterium aquaticum caracterizadas bioquimicamente. Relata-se a participação do agente como colonizador do úbere e possível causador de mastites em bubalinos.

  18. Febre amarela silvestre: reemergencia de transmissao no estado de Sao Paulo, Brasil, 2009

    Melissa Mascheretti

    2013-10-01

    Full Text Available OBJETIVO Descrever a investigação do surto de febre amarela silvestre e as principais medidas de controle realizadas no estado de São Paulo. MÉTODOS Estudo descritivo do surto de febre amarela silvestre na região sudoeste do estado, entre fevereiro e abril de 2009. Foram avaliados casos suspeitos e confirmados em humanos e primatas não humanos. A investigação entomológica, em ambiente silvestre, envolveu captura em solo e copa de árvore para identificação das espécies e detecção de infecção natural. Foram realizadas ações de controle de Aedes aegypti em áreas urbanas. A vacinação foi direcionada para residentes dos municípios com confirmação de circulação viral e nos municípios contíguos, conforme recomendação nacional. RESULTADOS Foram confirmados 28 casos humanos (letalidade 39,3% em áreas rurais de Sarutaiá, Piraju, Tejupá, Avaré e Buri. Foram notificadas 56 mortes de primatas não humanos, 91,4% do gênero Alouatta sp . A epizootia foi confirmada laboratorialmente em dois primatas não humanos, sendo um em Buri e outro em Itapetininga. Foram coletados 1.782 mosquitos, entre eles Haemagogus leucocelaenus , Hg. janthinomys/capricornii , Sabethes chloropterus , Sa. purpureus e Sa. undosus . O vírus da febre amarela foi isolado de um lote de Hg. leucocelaenus procedente de Buri. A vacinação foi realizada em 49 municípios, com 1.018.705 doses aplicadas e o registro de nove eventos adversos graves pós-vacinação. CONCLUSÕES Os casos humanos ocorreram entre fevereiro e abril de 2009 em áreas sem registro de circulação do vírus da febre amarela há mais de 60 anos. A região encontrava-se fora da área com recomendação de vacinação, com alto percentual da população suscetível. A adoção oportuna de medidas de controle permitiu a interrupção da transmissão humana em um mês, assim como a confirmação da circulação viral em humanos, primatas não humanos e mosquitos. Os isolamentos

  19. Prevotella maculosa sp. nov., isolated from the human oral cavity.

    Downes, Julia; Sutcliffe, Iain C; Booth, Veronica; Wade, William G

    2007-12-01

    Three strains of anaerobic Gram-negative bacilli isolated from human oral sites were subjected to a comprehensive range of phenotypic and genotypic tests and were found to comprise a homogeneous group. 16S rRNA gene sequence analysis revealed the strains to constitute a novel group within the genus Prevotella, most closely related to Prevotella oris and Prevotella salivae. A novel species, Prevotella maculosa sp. nov., is proposed to accommodate these strains. Prevotella maculosa is saccharolytic and produces acetic and succinic acids as end products of fermentation. The G+C content of the DNA of the type strain is 48 mol%. The type strain of Prevotella maculosa is W1609(T) (=DSM 19339(T) =CCUG 54766(T)).

  20. Concentrations of the Allelochemical (+/-)-catechin IN Centaurea maculosa soils.

    Perry, Laura G; Thelen, Giles C; Ridenour, Wendy M; Callaway, Ragan M; Paschke, Mark W; Vivanco, Jorge M

    2007-12-01

    The phytotoxin (+/-)-catechin has been proposed to mediate invasion and autoinhibition by the Eurasian plant Centaurea maculosa (spotted knapweed). The importance of (+/-)-catechin to C. maculosa ecology depends in part on whether sufficient catechin concentrations occur at appropriate times and locations within C. maculosa soil to influence neighboring plants. Previous research on catechin in C. maculosa soils has yielded conflicting results, with some studies finding high soil catechin concentrations and other, more recent studies finding little or no catechin in field soils. Here, we report the most extensive study of soil catechin concentrations to date. We examined soil catechin concentrations in 402 samples from 11 C. maculosa sites in North America sampled in consecutive months over 1 yr, excluding winter months. One site was sampled on seven dates, another was sampled twice, and the remaining nine sites were each sampled once on a range of sampling dates. Methods used were similar to those with which we previously measured high soil catechin concentrations. We detected catechin only in the site that was sampled on seven dates and only on one sampling date in that site (May 16 2006), but in all samples collected on that date. The mean soil catechin concentration on that date was 0.65 +/- 0.45 (SD) mg g(-1), comparable to previously reported high concentrations. There are a number of possible explanations for the infrequency with which we detected soil catechin in this work compared to previous studies. Differences in results could reflect spatial and temporal variation in catechin exudation or degradation, as we examined different sites in a different year from most previous studies. Also, large quantities of catechin were detected in blanks for two sampling periods in the present study, leading us to discard those data. This contamination suggests that previous reports of high catechin concentrations that did not include blanks should be viewed with caution

  1. Important biological activities induced by Thalassophryne maculosa fish venom.

    Sosa-Rosales, Josefina Ines; Piran-Soares, Ana Amélia; Farsky, Sandra H P; Takehara, Harumi Ando; Lima, Carla; Lopes-Ferreira, Mônica

    2005-02-01

    The accidents caused by Thalassophryne maculosa fish venoms are frequent and represent a public health problem in some regions of Venezuela. Most accidents occur in the fishing communities and tourists. The clinical picture is characterized by severe pain, dizziness, fever, edema, and necrosis. Due to the lack of efficient therapy it may take weeks, or even months for complete recovery of the victims. The investigations presented here were undertaken to assess the eletrophoretical profile and principal biological properties of the T. maculosa venom. Venom obtained from fresh captured specimens of this fish was tested in vitro or in animal models for a better characterization of its toxic activities. In contrast to other fish venoms, T. maculosa venom showed relative low LD50. The injection of venom in the footpad of mice reproduced a local inflammatory lesion similar to that described in humans. Significant increase of the nociceptive and edematogenic responses was observed followed within 48 h by necrosis. Pronounced alterations on microvascular hemodynamics were visualized after venom application. These alterations were represented by fibrin depots and thrombus formation followed by complete venular stasis and transient arteriolar contraction. T. maculosa venom is devoid of phospholipase A2 activity, but the venom showed proteolytic and myotoxic activities. SDS-Page analysis of the crude venom showed important bands: one band located above 97 M(w), one band between 68 and 97 M(w), one major band between 29 and 43 M(w) and the last one located below 18.4 M(w) Then, the results presented here support that T. maculosa venom present a mixture of bioactive toxins involved in a local inflammatory lesion.

  2. Familial atrophia maculosa varioliformis cutis: case report and pedigree analysis.

    Qu, T; Wang, B; Fang, K

    2005-10-01

    Atrophia maculosa varioliformis cutis (AVMC) was first described in 1918, as a rarely reported form of idiopathic macular atrophy on the cheeks. Nineteen patients have been reported in the past 86 years. Recently we diagnosed a 25-year-old woman as AMVC and investigated her family history. We collected the clinical data of the pedigree and presumed that AVMV is in a autosomal dominant inheritance.

  3. External morphology of the immature stages of neotropical heliconians: V. Agraulis vanillae maculosa (Lepidoptera, Nymphalidae, Heliconiinae)

    Silva, Denis S. da; Dell'Erba, Rafael; Kaminski, Lucas A.; Moreira, Gilson R. P.

    2006-01-01

    As estruturas externas do ovo, larva e pupa de Agraulis vanillae maculosa (Stichel, [1908]) são descritas e ilustradas, baseadas em microscopia óptica e eletrônica de varredura.The external features of egg, larva and pupa of Agraulis vanillae maculosa (Stichel, [1908]) are described and illustrated, based upon light and scanning electron microscopy.

  4. Adiaspiromicose pulmonar: achado casual em paciente falecido de febre amarela

    Moraes Mário A.P.

    2001-01-01

    Full Text Available Durante um surto de febre amarela (forma rural da infecção instalado, em fins de 1999, no Estado de Goiás, Brasil, um enfermo, com sintomatologia suspeita, faleceu no Hospital Universitário de Brasília, DF, cinco dias após a admissão. À necropsia, microscopicamente, além das alterações hepáticas características da infecção, encontraram-se nos pulmões e linfonodos hilares, estruturas arredondadas, reconhecidas como adiaconídios de Emmonsia parva var. crescens.

  5. Diptera, Muscidae, Cariocamyia maculosa Snyder: Primeiro Registro para o Nordeste do Brasil

    Thayana Monteiro; Freddy Ruben Bravo

    2011-01-01

    Cariocamyia maculosa Snyder, é um Muscidae com registros para a Colômbia e Brasil (regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste). Em um levantamento de dípteros saprófagos na cidade de Feira de Santana no estado da Bahia com iscas de origem orgânico animal em putrefação, foram coletados 46 espécimes de C. maculosa. Esse é o primeiro registro da espécie para a Bahia e Nordeste do Brasil. Apesar de C. maculosa ter sido encontrada...

  6. Diptera, Muscidae, Cariocamyia maculosa Snyder: Primeiro Registro para o Nordeste do Brasil

    Thayana Monteiro

    2011-12-01

    Abstract. Cariocamyia maculosa Snyder, is a muscid fly with records from Colombia and Brazil (Southern, Southeastern and Central-West regions. In a survey of Diptera saprophagous in Feira de Santana, state of Bahia, with animal organic bait were collected 46 specimens of C. maculosa. This is the first record of the species to Bahia and Northeastern of Brazil. The forensic importance and the anthropized status of C. maculosa have not been detached in the specialized literature and new studies should be improved to corroborate these conditions.

  7. Atrophia maculosa varioliformis cutis. Report of two cases and review of the literature.

    Kolenik, S A; Perez, M I; Davidson, D M; Morganroth, G S; Kohn, S R; Bolognia, J L

    1994-05-01

    Atrophia maculosa varioliformis cutis was initially described in 1918 as an entity in which both linear and punctate scars appeared spontaneously on normal facial skin. To the best of our knowledge, only five additional cases have been described. We describe two patients, 14 and 20 years of age, whose histories and clinical lesions fit the description of atrophia maculosa varioliformis cutis. The histologic findings are also described, and the literature to date is reviewed.

  8. Simulated warming differentially affects the growth and competitive ability of Centaurea maculosa populations from home and introduced ranges.

    Wei-Ming He

    Full Text Available Climate warming may drive invasions by exotic plants, thereby raising concerns over the risks of invasive plants. However, little is known about how climate warming influences the growth and competitive ability of exotic plants from their home and introduced ranges. We conducted a common garden experiment with an invasive plant Centaurea maculosa and a native plant Poa pratensis, in which a mixture of sand and vermiculite was used as a neutral medium, and contrasted the total biomass, competitive effects, and competitive responses of C. maculosa populations from Europe (home range and North America (introduced range under two different temperatures. The warming-induced inhibitory effects on the growth of C. maculosa alone were stronger in Europe than in North America. The competitive ability of C. maculosa plants from North America was greater than that of plants from Europe under the ambient condition whereas this competitive ability followed the opposite direction under the warming condition, suggesting that warming may enable European C. maculosa to be more invasive. Across two continents, warming treatment increased the competitive advantage instead of the growth advantage of C. maculosa, suggesting that climate warming may facilitate C. maculosa invasions through altering competitive outcomes between C. maculosa and its neighbors. Additionally, the growth response of C. maculosa to warming could predict its ability to avoid being suppressed by its neighbors.

  9. Simulated warming differentially affects the growth and competitive ability of Centaurea maculosa populations from home and introduced ranges.

    He, Wei-Ming; Li, Jing-Ji; Peng, Pei-Hao

    2012-01-01

    Climate warming may drive invasions by exotic plants, thereby raising concerns over the risks of invasive plants. However, little is known about how climate warming influences the growth and competitive ability of exotic plants from their home and introduced ranges. We conducted a common garden experiment with an invasive plant Centaurea maculosa and a native plant Poa pratensis, in which a mixture of sand and vermiculite was used as a neutral medium, and contrasted the total biomass, competitive effects, and competitive responses of C. maculosa populations from Europe (home range) and North America (introduced range) under two different temperatures. The warming-induced inhibitory effects on the growth of C. maculosa alone were stronger in Europe than in North America. The competitive ability of C. maculosa plants from North America was greater than that of plants from Europe under the ambient condition whereas this competitive ability followed the opposite direction under the warming condition, suggesting that warming may enable European C. maculosa to be more invasive. Across two continents, warming treatment increased the competitive advantage instead of the growth advantage of C. maculosa, suggesting that climate warming may facilitate C. maculosa invasions through altering competitive outcomes between C. maculosa and its neighbors. Additionally, the growth response of C. maculosa to warming could predict its ability to avoid being suppressed by its neighbors.

  10. Detecção de Rickettsias do grupo febre maculosa em cães e equinos em São José dos Pinhais, PR /

    Freitas, Marta Cristina Diniz de Oliveira

    2007-01-01

    Orientador: Prof. Marcelo Beltrão Molento Tese (doutorado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Agrárias, Programa de Pós-Graduação em Ciencias Veterinárias. Defesa: Curitiba, 2007 Inclui bibliografia

  11. Familial atrophia maculosa varioliformis cutis: an ultrastructural study.

    Dall'Oglio, F; Nasca, M R; Taparelli, F; Bacchelli, B; Micali, G

    2001-01-01

    Atrophia maculosa varioliformis cutis is a rare and distinctive form of idiopathic facial macular noninflammatory atrophy that may rarely be observed in members of the same family. We describe two brothers, ages 14 and 16 years, with spontaneously appearing, asymptomatic, varioliform and linear atrophic lesions. Their past medical history was positive for varicella occurring in childhood without residual facial scarring. Routine laboratory investigations and screening for circulating autoantibodies were negative. Both patients were concordant for HLA A2 and DQ4.1. Routine and ultrastructural histologic examination of a punch biopsy specimen showed the presence of scarce, small, fragmented elastic fibers and compact collagen bundles associated with hypertrophic fibroblasts in the dermis. Our patients remained clinically stable, untreated, over a 2-year follow-up period. No long-term follow-up data have previously been reported.

  12. Morfologia externa dos estágios imaturos de heliconíneos neotropicais: V. Agraulis vanillae maculosa (Lepidoptera, Nymphalidae, Heliconiinae External morphology of the immature stages of neotropical heliconians: V. Agraulis vanillae maculosa (Lepidoptera, Nymphalidae, Heliconiinae

    Denis S. da Silva

    2006-06-01

    Full Text Available As estruturas externas do ovo, larva e pupa de Agraulis vanillae maculosa (Stichel, [1908] são descritas e ilustradas, baseadas em microscopia óptica e eletrônica de varredura.The external features of egg, larva and pupa of Agraulis vanillae maculosa (Stichel, [1908] are described and illustrated, based upon light and scanning electron microscopy.

  13. Intraspecific and interspecific interactions mediated by a phytotoxin, (-)-catechin, secreted by the roots of Centaurea maculosa (spotted knapweed).

    Weir, Tiffany L; Bais, Harsh Pal; Vivanco, Jorge M

    2003-11-01

    Centarea maculosa Lam. (spotted knapweed) is one of the most destructive invasive weeds in the western United States, particularly in pastures and rangelands. One of the components that may contribute to its invasiveness is the naturally produced, root-secreted allelochemical (-)-catechin. This compound has been shown to have broad-spectrum phytotoxic activity, possibly assisting C. maculosa in displacing native plant communities. As a recently characterized phytochemical, little is known about the specific effect of (-)-catechin on either C. maculosa or other plant species. We have found that, in vitro, C. maculosa begins to secrete phytotoxic levels of (-)-catechin within 2-3 weeks of seedling emergence. Furthermore, (-)-catechin concentrations consistent with those naturally secreted by C. maculosa were sufficient to inhibit germination in all species tested, including C. maculosa. These concentrations were also often either phytotoxic or growth inhibitory to seedlings in a range of plant species, while having no negative effects on the growth of C. maculosa seedlings. However, our results also indicate that different levels of resistance and susceptibility to (-)-catechin exist in plant populations, suggesting that the capability of C. maculosa to invade an area through allelochemistry may be dependent on the age and species composition of plants in that area.

  14. Cloacal morphology of Nothura maculosa (Temminck, 1815), Aves tinamiformes.

    de Oliveira, C A; Mahecha, G A

    1996-10-01

    Cloacae of male Nothura maculosa (spotted tinamous) were dissected and studied with routine histological and histochemical techniques. In the cloaca of this species the following cranio-caudally oriented regions can be recognized: the coprodeum, the urodeum and the proctodeum, separated by the coprourodeal and the uroproctodeal folds respectively. The coprodeum is an abrupt dilatation of the rectum which receives the ureters, contrary to other birds in which they open into the urodeum. The urodeum is the smallest compartment of the cloaca. Its wall presents the paracloacal vascular bodies and the ductus deferens receptacles which open into the ejaculatory fossa through a pair of papillae. The ejaculatory fossa forms the ventral floor of the urodeum and is characterized by the presence of a secretory epithelium and a lamina propria showing rich vascularization. The proctodeum is connected to the exterior through the cloacal opening and ventrally it presents the phallic structures and the proctodeal lamella. Its dorsolateral wall forms the cloacal bursa, its mucosa shows morphological variations depending on the degree of regression. Enclosing the uroproctodeal wall are the cloacal sphincter muscle and the skin.

  15. Características epidemiológicas da febre amarela no Brasil, 2000-2012

    Karina Ribeiro Leite Jardim Cavalcante

    Full Text Available OBJETIVO: o estudo visa descrever as características epidemiológicas da febre amarela no Brasil no período de 2000 a 2012. MÉTODOS: estudo epidemiológico, ecológico, descritivo, utilizando informações dos bancos de dados do Ministério da Saúde. RESULTADOS: foram confirmados 326 casos de febre amarela no país nesse período, com 156 óbitos e taxa de letalidade média de 47,8%; o grupo de adultos jovens do sexo masculino foi o mais acometido; nas epizootias, foi identificado um total de 2.856 primatas não humanos notificados com suspeita de febre amarela, 31,1% deles confirmados laboratorialmente; no período estudado, foi identificada expansão da área de transmissão silvestre da doença para regiões densamente povoadas, como Sul, Sudeste e Centro-Oeste. CONCLUSÃO: persiste o risco de transmissão urbana da febre amarela, pois a incidência silvestre da doença tem se expandido para regiões onde existe alta infestação do Aedes aegypti, mosquito transmissor do ciclo urbano da doença.

  16. Maculotoxin: a neurotoxin from the venom glands of the octopus Hapalochlaena maculosa identified as tetrodotoxin.

    Sheumack, D D; Howden, M E; Spence, I; Quinn, R J

    1978-01-13

    Maculotoxin, a potent neurotoxin isolated from the posterior salivary glands of the blue-ringed octopus. Hapalochlaena maculosa, has now been identified as tetrodotoxin. This is the first reported case in which tetrodotoxin has been found to occur in a venom.

  17. Delayed polymorphonuclear leukocyte infiltration is an important component of Thalassophryne maculosa venom pathogenesis.

    Pareja-Santos, Alessandra; Oliveira Souza, Valdênia Maria; Bruni, Fernanda M; Sosa-Rosales, Josefina Ines; Lopes-Ferreira, Mônica; Lima, Carla

    2008-07-01

    Thalassophryne maculosa fish envenomation is characterized by severe pain, dizziness, fever, edema and necrosis. Here, the dynamic of cellular influx, activation status of phagocytic cells, and inflammatory modulator production in the acute inflammatory response to T. maculosa venom was studied using an experimental model. Leukocyte counting was performed (2 h to 21 days) after venom injection in BALB/c mice footpads. Our results showed an uncommon leukocyte migration kinetic after venom injection, with early mononuclear cell recruitment followed by elevated and delayed neutrophil influx. The pattern of chemokine expression is consistent with the delay in neutrophil recruitment to the footpad: T. maculosa venom stimulated an early production of IL-1beta, IL-6, and MCP-1, but was unable to induce an effective early TNF-alpha and KC release. Complementary to these observations, we detected a marked increase in soluble KC and TNF-alpha in footpad at 7 days post-venom injection when a prominent influx of neutrophils was also detected. In addition, we demonstrated that bone marrow-derived macrophages and dendritic cells were strongly stimulated by the venom, showing up-regulated ability to capture FITC-dextran. Thus, the reduced levels of KC and TNF-alpha in footpad of mice concomitant with a defective accumulation of neutrophils at earlier times provide an important clue to uncovering the mechanism by which T. maculosa venom regulates neutrophil movement.

  18. Survival after severe envenomation by the blue-ringed octopus (Hapalochlaena maculosa).

    Walker, D G

    I report two cases of life-endangering respiratory failure after envenomation by a blue-ringed octopus (Hapalochlaena maculosa). Early and efficient support of respiratory function is vital in such cases. Cardiac asystole occurred in one patient. Both patients recovered completely after the vigorous application of routine resuscitation techniques.

  19. Distribution of tetrodotoxin in the body of the blue-ringed octopus (Hapalochlaena maculosa).

    Yotsu-Yamashita, Mari; Mebs, Dietrich; Flachsenberger, Wolfgang

    2007-03-01

    Tetrodotoxin (TTX) was quantitatively assayed in six specimens of semi-adult blue-ringed octopus, Hapalochlaena maculosa, by a post-column fluorescent-HPLC system. TTX was found to be present in all body parts, e.g. in high concentrations in the arms followed by the abdomen and cephalothorax. The toxin is not associated exclusively with the posterior salivary gland.

  20. [Keratosis palmoplantaris maculosa seu papulosa (Davies-Colley) simulating multiple cornua cutanea].

    Schreiber, D; Stücker, M; Hoffmann, K; Bacharach-Buhles, M; Altmeyer, P

    1997-08-01

    Patient with extensive keratosis palmoplantaris maculosa seu papulosa (Davies-Colley) presented with multiple cutaneous horns. The clinical picture, the histology, the electro microscopic examination, the negative tumor screening and the viral classification in the tissue allowed the differentiation from other palmoplantar keratoses. The patient was treated successfully using a combination of acitretin with physical and chemical measures.

  1. Analysis of the intersexual variation in Thalassophryne maculosa fish venoms.

    Lopes-Ferreira, Mônica; Sosa-Rosales, Ines; Bruni, Fernanda M; Ramos, Anderson D; Vieira Portaro, Fernanda Calheta; Conceição, Katia; Lima, Carla

    2016-06-01

    Gender related variation in the molecular composition of venoms and secretions have been described for some animal species, and there are some evidences that the difference in the toxin (s) profile among males and females may be related to different physiopathological effects caused by the envenomation by either gender. In order to investigate whether this same phenomenon occurs to the toadfish Thalassophryne maculosa, we have compared some biological and biochemical properties of female and male venoms. Twenty females and males were collected in deep waters of the La Restinga lagoon (Venezuela) and, after protein concentration assessed, the induction of toxic activities in mice and the biochemical properties were analyzed. Protein content is higher in males than in females, which may be associated to a higher size and weight of the male body. In vivo studies showed that mice injected with male venoms presented higher nociception when compared to those injected with female venoms, and both venoms induced migration of macrophages into the paw of mice. On the other hand, mice injected with female venoms had more paw edema and extravasation of Evans blue in peritoneal cavity than mice injected with male venoms. We observed that the female venoms had more capacity for necrosis induction when compared with male venoms. The female samples present a higher proteolytic activity then the male venom when gelatin, casein and FRETs were used as substrates. Evaluation of the venoms of females and males by SDS-PAGE and chromatographic profile showed that, at least three components (present in two peaks) are only present in males. Although the severity of the lesion, characterized by necrosis development, is related with the poisoning by female specimens, the presence of exclusive toxins in the male venoms could be associated with the largest capacity of nociception induction by this sample. Copyright © 2016 Elsevier Ltd. All rights reserved.

  2. Novel weapons and invasion: biogeographic differences in the competitive effects of Centaurea maculosa and its root exudate (+/-)-catechin.

    He, Wei-Ming; Feng, Yulong; Ridenour, Wendy M; Thelen, Giles C; Pollock, Jarrod L; Diaconu, Alecu; Callaway, Ragan M

    2009-04-01

    Recent studies suggest that the invasive success of Centaurea maculosa may be related to its stronger allelopathic effects on native North American species than on related European species, one component of the "novel weapons" hypothesis. Other research indicates that C. maculosa plants from the invasive range in North America have evolved to be larger and better competitors than conspecifics from the native range in Europe, a component of the "evolution of increased competitive ability" hypothesis. These hypotheses are not mutually exclusive, but this evidence sets the stage for comparing the relative importance of evolved competitive ability to inherent competitive traits. In a competition experiment with a large number of C. maculosa populations, we found no difference in the competitive effects of C. maculosa plants from North America and Europe on other species. However, both North American and European C. maculosa were much better competitors against plants native to North America than congeners native to Romania, collected in areas where C. maculosa is also native. These results are consistent with the novel weapons hypothesis. But, in a second experiment using just one population from North America and Europe, and where North American and European species were collected from a broader range of sites, competitive interactions were weaker overall, and the competitive effects of C. maculosa were slightly stronger against European species than against North American species. Also consistent with the novel weapons hypothesis, (+/-)-catechin had stronger effects on native North American species than on native European species in two experiments. Our results suggest that the regional composition of the plant communities being invaded by C. maculosa may be more important for invasive success than the evolution of increased size and competitive ability.

  3. Febre amarela. I - Aspectos cíclicos e epidemiológicos

    M. R. Q. de Kastner

    1976-02-01

    Full Text Available Relata-se um resumo epidemiológico do surto epizoótico de febre amarela ocorrido no ano de 1973. São postas em evidência a sua incidência, a distribuição por idades, a distribuição por sexo e a distribuição geográfica. Em seguida, são apresentados os resultados obtidos pela revisão dos casos de febre amarela, que vêm sendo estudados, recolhidos e arquivados na Coleção do Serviço de Viscerotomia da Seção de Histopatologia da Febre Amarela do Instituto Oswaldo Cruz, desde 1931. O trabalho está documentado com tabelas e gráficos que registram os dados acima indicados. Os autores ressaltam os seguintes pontos: 1 A Febre amarela, urbana e silvestre, apresenta quadros epidemiológicos inteiramente diferentes; 2 A incidência da febre amarela silvestre ocorre principalmente no sexo masculino, de acordo com os dados estatisticamente significativos; 3 A idade mais atingida pela forma silvestre é a entre 20 e 30 anos; 4 A febre amarela silvestre continua em áreas enzoóticas, ao longo dos cursos d'água; 5 Parece existir uma relação entre as condições climáticas e a incidência da febre amarela; 6 Os surtos de febre amarela ocorrem aproximadamente de 7 em 7 anos; 7 É do máximo valor o programa de vacinação e o serviço de viscerotomia da SUCAM.It is presented an epidemiological summary of epizootic yellow fever outbreak happened in 1973. Its incidence, the distribution according to ages, to sex and geographical distribuion are pointed out. The results of the revision of yellow fever cases, which have been studied, collected and archived in viscerotomy Service collection of Histopathology of Yellow section of Oswaldo Cruz Institute, since 1931 are presented. The article is ilustrated with tables and graphics which registrate the data indicated above. The authors emphasize the following items: 1 Urban and jungle yellow fever present epidemiological aspects completely different; 2 Jungle yellow fever incidence occurs mainly

  4. Electric and magnetic properties of the stage-2 FeBr2 graphite intercalation compound

    Dube, P A; Barati, M; Ummat, P K; Luke, G; Datars, W R

    2003-01-01

    The stage-2 FeBr 2 graphite intercalation compound (GIC) was prepared by reacting FeBr 2 powder and highly oriented pyrolytic graphite in a bromine atmosphere at 500 deg. C for 40 weeks. The dc magnetization, ac susceptibility, specific heat, resistivity and Hall effect were measured. The GIC is paramagnetic at temperatures above 14.5 K. There is short-range ordering at 14.5 K and longer-range magnetic ordering at 8.5 K. There is a spin glass phase below 3.2 K in which the ac susceptibility is frequency dependent. The in-plane and c-axis resistivities result from in-plane and out-of-plane electron-phonon scattering. The Hall coefficient is independent of temperature between 4.2 and 300 K and is explained by the single-carrier model

  5. O que o reumatologista deve saber sobre a vacina contra febre amarela

    Ana Cristina Vanderley Oliveira

    2013-04-01

    Full Text Available Os pacientes portadores de doenças reumáticas são mais suscetíveis à infecção, quer seja pela própria doença de base ou pelo tratamento empregado. É papel do reumatologista prevenir as infecções nesse grupo de pacientes e, dentre as estratégias empregadas, encontra-se a vacinação. No grupo das doenças infecciosas que podem ser prevenidas está a febre amarela. Sua vacina é segura e eficaz na população em geral, mas, assim como as vacinas contendo organismos vivos atenuados, deve ser evitada sempre que possível em portadores de doenças reumáticas em uso de medicamentos imunossupressores. Sendo a febre amarela endêmica em grande parte do Brasil, e estando a vacinação contra essa doença indicada para a população residente em extensa parte do território nacional (além dos viajantes para essas regiões, torna-se essencial que o reumatologista tenha conhecimento da doença, das indicações e contraindicações da vacina contra a febre amarela. Nosso artigo tem o objetivo de destacar os principais aspectos que o reumatologista precisa conhecer sobre a vacina contra a febre amarela, para decidir por sua indicação ou contraindicação após avaliação do risco-benefício em situações específicas.

  6. Anomaly observed in Moessbauer spectra near the neel temperature of FeBr sub 2

    Naili Di

    2003-01-01

    In several decades, iron(II) bromide (FeBr sub 2) has been investigated as a typical Ising-type antiferromagnet by several kinds of experimental techniques. By the Moessbauer measurements, it was normally observed that only the magnetic spectrum appeared just below Neel temperature in FeBr sub 2. However, we found the anomalous spectra, in which paramagnetic component coexisted with magnetic one near Neel temperature. For two kinds of single crystal FeBr sub 2 samples, IM and IIM, we determined the Moessbauer parameters of the observed spectra by the computer analyses: the relative absorption intensity I sub p of the paramagnetic component to the total absorption area of the best fitting spectrum and the value of the hyperfine field H sub h sub f of the magnetic component and values of the quadrupole splitting 1/2 centre dot e sup 2 qQ of the magnetic and the paramagnetic components. The temperature variation of H sub h sub f is unique and the same as that observed for the sample in which the anomaly was not ...

  7. Pigmentatio maculosa eruptiva idiopathica: a case report and review of the literature.

    Stinco, Giuseppe; Favot, Francesca; Scott, Cathryn Anne; Patrone, Pasquale

    2007-12-01

    Pigmentatio maculosa eruptiva idiopathica is a rare pediatric disease characterized by asymptomatic, brownish macules involving the neck and trunk with no preceding inflammatory process or history of drug exposure. A 9-year-old girl presented with brown-gray, nonconfluent, asymptomatic macules on the trunk, neck, and limbs, ranging from 5 to 30 mm in diameter. The macules appeared suddenly with no lesions preceding their occurrence. Histopathologic examination showed basal cell layer hyperpigmentation, and abundant melanophages with a mild perivascular lymphohistiocytic infiltrate in the papillary dermis. The lesions disappeared spontaneously 1.5 years later with no therapy. No relapse occurred. Pigmentatio maculosa eruptiva idiopathica must be differentiated from other skin disorders with hyperpigmentation in pediatric practice in order to avoid unnecessary treatment, as spontaneous resolution is expected. Following a literature review, we underline the importance of spontaneous regression as an additional clinical feature for this disease.

  8. Soil fungal abundance and diversity: another victim of the invasive plant Centaurea maculosa.

    Broz, Amanda K; Manter, Daniel K; Vivanco, Jorge M

    2007-12-01

    Interactions between plants and soil microbes are important determinants of both above- and belowground community composition, and ultimately ecosystem function. As exotic plants continue to invade and modify native plant communities, there has been increasing interest in determining the influence of exotic invasives on native soil microbial communities. Here, using highly sensitive molecular techniques, we examine fungal abundance and diversity in the soil surrounding a particularly aggressive invasive plant species in North America, Centaurea maculosa Lam. In mixed stands, we show that this invasive weed can alter the native fungal community composition within its own rhizosphere and that of neighboring native plants. At higher densities, the effect of C. maculosa on native soil fungal communities was even greater. Our results demonstrate that this invasive weed can have significant effects not only on visible aboveground biodiversity but also on the native soil microbial community that extends beyond its rhizosphere.

  9. Record of Spot-winged Pigeon Patagioenas maculosa (Aves: Columbidae in Santa Catarina state, southern Brazil.

    Felipe Lohmann Arend

    2009-06-01

    Full Text Available We present the first record of the Spot-winged Pigeon Patagioenas maculosa (Aves: Columbidae for Santa Catarina, southern Brazil. One individual was observed on 10 September 2006 in an open area (cattle pasture and shrubby vegetation in the town of Anita Garibaldi (center-south of the state. We suggest that this punctual encounter is a result of the recent expansion of this species’ distribution due to landscape modification in the region.

  10. Shift in cytotype frequency and niche space in the invasive plant Centaurea maculosa.

    Treier, Urs A; Broennimann, Olivier; Normand, Signe; Guisan, Antoine; Schaffner, Urs; Steinger, Thomas; Müller-Schärer, Heinz

    2009-05-01

    Polyploidy is often assumed to increase the spread and thus the success of alien plant species, but few empirical studies exist. We tested this hypothesis with Centaurea maculosa Lam., a species native to Europe and introduced into North America approximately 120 years ago where it became highly invasive. We analyzed the ploidy level of more than 2000 plants from 93 native and 48 invasive C. maculosa populations and found a pronounced shift in the relative frequency of diploid and tetraploid cytotypes. In Europe diploid populations occur in higher frequencies than tetraploids and only four populations had both cytotypes, while in North America diploid plants were found in only one mixed population and thus tetraploids clearly dominated. Our results showed a pronounced shift in the climatic niche between tetraploid populations in the native and introduced range toward drier climate in North America and a similar albeit smaller shift between diploids and tetraploids in the native range. The field data indicate that diploids have a predominately monocarpic life cycle, while tetraploids are often polycarpic. Additionally, the polycarpic life-form seems to be more prevalent among tetraploids in the introduced range than among tetraploids in the native range. Our study suggests that both ploidy types of C. maculosa were introduced into North America, but tetraploids became the dominant cytotype with invasion. We suggest that the invasive success of C. maculosa is partly due to preadaptation of the tetraploid cytotype in Europe to drier climate and possibly further adaptation to these conditions in the introduced range. The potential for earlier and longer seed production associated with the polycarpic life cycle constitutes an additional factor that may have led to the dominance of tetraploids over diploids in the introduced range.

  11. Morphology of the copulatory apparatus of the spotted tinamou Nothura maculosa (Aves: Tinamiformes).

    de Oliveira, C A; Mahecha, G A

    2000-03-01

    The components of the copulatory apparatus of Nothura maculosa were identified and studied by means of dissections, parenteral latex injections and standard histological and histochemical techniques. N. maculosa possesses an intromittent phallus with a tubular cavity, within which a fixed base and a tubular portion can be distinguished. An ejaculatory groove, which is supported by a fibrous body, runs dorsally at the base of the phallus. The tubular portion of the phallus inserts into the fibrous body, the former possessing two continuous but morphologically distinct parts, one of which is eversible and is extruded during erection while the other is a fixed non-eversible glandular portion. The walls of both parts are formed by the mucosa, an intermediate layer of connective tissue containing a wide lymphatic space which surrounds the whole perimeter of the tube, and an external layer of dense connective tissue. The mucosa of the eversible portion, which lodges the phallic groove, is lined by a non-keratinized stratified squamous epithelium. In the fixed tubular portion, the tubular lumen is reduced in size, the phallic groove disappears, the mucosa becomes folded and there occurs an abrupt change to a pseudostratified columnar secretory epithelium. The copulatory apparatus of N. maculosa includes the vascular bodies of the phallus, which show morphofunctional continuity with the phallic structures, thus forming a single system involved in erection. On erection, the eversible portion of the phallus evaginates and emerges from the cloacal opening as a spiral shaped structure directed towards the left.

  12. Degeneração oxychromatica ("inclusões intranucleares" na febre amarella

    C. Magarinos Torres

    1931-05-01

    Full Text Available 1- No interior do nucleo de cellulas hepaticas de Macacus rhesus e M. cynomolgus (figs. 13-34 inoculado com o virus da febre amarella e de cellulas hepaticas de doentes de febre amarella (figs. 61-65 e 68-69 ocorre o processo regressivo referido na literatura sob o nome de «degeneração oxychromatica». Tal processo apresenta grande intensidade nos macacos, sendo, porém, assaz escasso no material humano colhido em autopsias. Esta alteração está intimamente associada ao effeito nocivo causado pelo proprio virus da febre amarella, sendo, neste sentido, a unica alteração verdadeiramente especifica na febre amarella. Não foram encontradas alterações do cytoplasma nem granulos intracellulares que tivessem relação com o virus da febre amarella. Assim sendo, a febre amarella pertencerá ao grupo de doenças de virus filtraveis produzindo alterações cellulares caracteristicas ou corpusculos especificos, exclusivamente limitados ao nucleo. Deve ser incluida, portanto no grupo karyo-oikon da classificação de Lipschütz, juntamente com herpes, varicella, virus III do coelho, «submaxillary disease», etc. Como acontece em geral, nas doenças de virus filtraveis, formando inclusões intracellulares, observa-se na febre amarella que a inclusão celular especifica predomina ou existe exclusivamente em determinada especie cellular. Até agora, no nosso material só conseguimos evidenciar a degeneração oxychromatica da febre amarella na cellula hepatica. Quando existe, porém, a sua abundancia é notavel, não raro attingido a quasi totalidade das cellulas hepaticas nos cortes histologicos examinados. Esse facto não poude ser observado nos casos humanos que examinamos,provavelmente em virtude de condições proprias do virus no homem e da phase da molestia na qual foi retirado o material para estudo. Nas cellulas da camada cortical das suprarenaes de M. rhesus infectados encontramos aspectos nucleares suggestivos de degenera

  13. Paciente Psiquiátrico em Uso de Clozapina com Febre e Taquicardia

    Gustavo Costa Fernandes; Thiago Quedi Furian

    2010-01-01

    Introdução: A clozapina é uma droga de suma importância para o manejo de pacientes com sintomas psicóticos; entretanto, efeitos adversos graves como agranulocitose e miocardite podem limitar o seu uso. Relato de caso: Apresentamos o caso de um homem de 20 anos de idade que desenvolveu febre e taquicardia alguns dias após o início de uso de clozapina para um provável quadro de esquizofrenia. Após tentativas frustradas de tratamento com antipsicóticos atípicos e lítio, o tratamento com cloza...

  14. Cidade-laboratório: Campinas e a febre amarela na aurora republicana

    Valter Martins

    2015-04-01

    Full Text Available No final do século XIX ocorreram epidemias de febre amarela em Campinas. Considerada doença litorânea, a febre assustou leigos e médicos. O debate científico sobre a etiologia da doença deixou revistas e correspondências médicas para orientar ações políticas e sanitárias. Visando combater a enfermidade, a cidade ganhou contornos de laboratório e vivenciou sua "era do saneamento e das demolições", com vitórias sobre o achaque e transtornos à população. A Comissão Sanitária Estadual comandada por Emílio Ribas, ciente da teoria culicidiana de Finlay, ensaiou em Campinas o que ocorreria no Rio de Janeiro de Oswaldo Cruz e Pereira Passos. A novidade do combate aos mosquitos conviveu com antigas práticas caras à teoria miasmática, como as desinfecções.

  15. Familial atrophia maculosa varioliformis cutis: first case report from the Indian subcontinent with pedigree analysis.

    Goyal, Tarang; Varshney, Anupam; Bakshi, S K

    2012-01-01

    Familial atrophia maculosa varioliformis cutis is a very rare disorder with less than 28 cases being reported in the literature worldwide and remains a mystery both as far as genetics and the virtue of its pathogenesis is concerned. We present a case of mother and son, both having this disorder with presentations unique in terms of sites involved and try to draw a five generations pedigree chart for the same. We further support its inheritance pattern as autosomal dominant. Also, we propose oral isotretinoin as an effective treatment modality for the same.

  16. Familial atrophia maculosa varioliformis cutis: First case report from the Indian subcontinent with pedigree analysis

    Tarang Goyal

    2012-01-01

    Full Text Available Familial atrophia maculosa varioliformis cutis is a very rare disorder with less than 28 cases being reported in the literature worldwide and remains a mystery both as far as genetics and the virtue of its pathogenesis is concerned. We present a case of mother and son, both having this disorder with presentations unique in terms of sites involved and try to draw a five generations pedigree chart for the same. We further support its inheritance pattern as autosomal dominant. Also, we propose oral isotretinoin as an effective treatment modality for the same.

  17. Schistura maculosa, a new species of loach (Teleostei: Nemacheilidae) from Mizoram, northeastern India.

    Lalronunga, Samuel; Lalnuntluanga; Lalramliana

    2013-01-01

    Schistura maculosa, a new species of loach, is described from Tuingo and Pharsih Rivers, tributaries of Tuivai River (Barak drainage) in Mizoram, northeastern India. It is distinguished from other closely related Schistura species in having an axillary pelvic lobe; an incomplete lateral line; 20-30 narrow black bars on the body; 3-4 rows of black spots horizontally across the dorsal-fin; a slightly emarginate caudal-fin, with 5-7 rows of black spots more or less regularly arranged vertically on rays across the fin, and 8+8 branched caudal-fin rays.

  18. Occurrence of a tetrodotoxin-like compound in the eggs of the venomous blue-ringed octopus (Hapalochlaena maculosa).

    Sheumack, D D; Howden, M E; Spence, I

    1984-01-01

    A lethal toxin was isolated and partly purified from the eggs of the blue-ringed octopus, Hapalochlaena maculosa. Examination of the toxin by thin layer chromatography, isoelectric focusing and its effects upon the compound nerve action potentials of the toad sciatic nerve gave results that were indistinguishable from those displayed by authentic tetrodotoxin, the toxin present in the venom glands of the octopus.

  19. Oxalate contributes to the resistance of Gaillardia grandiflora and Lupinus sericeus to a phytotoxin produced by Centaurea maculosa.

    Weir, Tiffany L; Bais, Harsh Pal; Stull, Valerie J; Callaway, Ragan M; Thelen, Giles C; Ridenour, Wendy M; Bhamidi, Suresh; Stermitz, Frank R; Vivanco, Jorge M

    2006-03-01

    Centaurea maculosa Lam. is a noxious weed in western North America that produces a phytotoxin, (+/-)-catechin, which is thought to contribute to its invasiveness. Areas invaded by C. maculosa often result in monocultures of the weed, however; in some areas, North American natives stand their ground against C. maculosa and show varying degrees of resistance to its phytotoxin. Two of these resistant native species, Lupinus sericeus Pursh and Gaillardia grandiflora Van Houtte, were found to secrete increased amounts of oxalate in response to catechin exposure. Mechanistically, we found that oxalate works exogenously by blocking generation of reactive oxygen species in susceptible plants and reducing oxidative damage generated in response to catechin. Furthermore, field experiments show that L. sericeus indirectly facilitates native grasses in grasslands invaded by C. maculosa, and this facilitation can be correlated with the presence of oxalate in soil. Addition of exogenous oxalate to native grasses and Arabidopsis thaliana (L.) Heynh grown in vitro alleviated the phytotoxic effects of catechin, supporting the field experiments and suggesting that root-secreted oxalate may also act as a chemical facilitator for plant species that do not secrete the compound.

  20. First Report of a Root and Crown Disease caused by Rhizoctonia solani on Centaurea maculosa in Russia

    Spotted knapweed (SKW) (Centaurea maculosa Lamarck) is a non-indigenous species that is invasive over large areas in the U.S., especially in the western U. S. and Canada. It has been estimated that infestations of SKW cause $42 million in direct and indirect economic losses annually and the weed cou...

  1. Analisi dei metaboliti secondari da fonti naturali: isolamento, caratterizzazione strutturale e attività biologiche

    Nini, Antonella

    2015-01-01

    L’ attività di ricerca del Dottorato di Ricerca in Scienze e Tecnologie Biologiche, XXVII ciclo, si inserisce nell’ambito della chimica delle sostanze naturali ed è rivolta all’isolamento e alla caratterizzazione strutturale dei metaboliti secondari provenienti da matrici vegetali . Le specie oggetto di studio sono piante, utilizzate nella medicina popolare per le loro caratteristiche fitoterapiche, oppure sono impiegate anche nell’alimentazione. L’indagine chimica si è concentrata sulle ...

  2. Isolamento, caratterizzazione strutturale e valutazione dell'attività biologica di metaboliti secondari di origine vegetale

    Incollingo, Filomena

    2011-01-01

    La tematica di ricerca di questo dottorato si inserisce nell’ambito della chimica delle sostanze naturali. In particolare l’attenzione si è soffermata alle piante officinali e alle piante impiegate nella medicina popolare e alla purificazione e all’isolamento dei metaboliti secondari presenti in maggiore quantità attraverso tecniche cromatografiche quali: cromatografia su colonna, cromatografia su strato sottile, HPLC (high pressure liquid chromatography), DCCC (cromatografia liquida in cont...

  3. Influence of Rearing Substrates and Nontarget Hosts on the Bionomics of the Tachinid Parasitoid Nemorilla maculosa (Diptera: Tachinidae).

    Agbessenou, Ayaovi; Tounou, Agbéko Kodjo; Dannon, Elie Ayitondji; Datinon, Benjamin; Agboton, Cyriaque; Srinivasan, Ramasamy; Pittendrigh, Barry Robert; Tamò, Manuele

    2018-04-05

    The tachinid Nemorilla maculosa Meigen (Diptera: Tachinidae) was introduced from Taiwan to Benin for evaluating its potential as a biocontrol candidate against the cowpea pest Maruca vitrata (Fabricius) (Lepidoptera: Crambidae). To optimize its rearing, we assessed the influence of M. vitrata larval age and rearing substrate-cowpea germinating grains and peabush leaves-on its life table parameters, while its host specificity was investigated with regard to nontarget effects. Parasitism rates were higher when older larvae (10- and 14-d old) were offered to females of N. maculosa compared to the younger (2-, 4-, and 6-d old) host larvae. Regardless of the rearing substrate, development time was longer for females than males, and females lived longer than males irrespective of the age of the host. Sex ratio did not vary significantly with host ages or rearing substrate. The average number of eggs laid by a female reared from M. vitrata larvae feeding on cowpea germinating grains or peabush leaves was 94.2 ± 4.38 and 71.9 ± 1.70 eggs, respectively. The host suitability of N. maculosa was assessed by testing four nontarget Lepidoptera species: Spodoptera littoralis Boisduval (Lepidoptera: Noctuidae), Sesamia calamistis Hampson (Lepidoptera: Noctuidae), Corcyra cephalonica (Stainton) (Lepidoptera: Pyralidae), and Eldana saccharina Walker (Lepidoptera: Pyralidae). Larvae of S. littoralis and C. cephalonica were successfully parasitized while N. maculosa did not develop in the larvae of E. saccharina and S. calamistis although they were parasitized. Despite the potential of N. maculosa as a biological control agent against the pod borer M. vitrata, more detailed nontarget studies, extending to other native Crambidae species, are needed before making decisions on field releases.

  4. Influence of cnicin, a sesquiterpene lactone ofCentaurea maculosa (Asteraceae), on specialist and generalist insect herbivores.

    Landau, I; Müller-Schärer, H; Ward, P I

    1994-04-01

    The sesquiterpene lactone cnicin was extracted fromCentaurea maculosa andCentaurea vallesiaca. We examined its effects on the ovipositional response and larval development of generalist and specialist insect herbivores associated withC. maculosa. For the oviposition trials, three plant species (C. maculosa, Achillea millefolium, andCichorium intybus), half of which were sprayed with 3% of cnicin, were exposed to the specialist mothsStenodes straminea, Agapeta zoegana, andPterolonche inspersa in field cages. All three species significantly preferredC. maculosa to other plants andP. inspersa significantly preferred cnicin-sprayed plants to untreated plants for oviposition. Tested over all species, cnicin significantly increased the number of eggs laid on a given plant. A larval diet test examined the toxicity of cnicin for larvae of the generalist noctuid mothSpodoptera littoralis. Cnicin concentrations of 3% and 6% were lethal and 1% and 0.5% seriously inhibited growth and development. The larvae of theC. maculosa specialistStenodes straminea survived at 6% cnicin, but none of the pupae hatched.Agapeta zoegana was able to survive at 1% and 3% cnicin. Both specialists had difficulties with the artificial diet, but weight increase and survival was not further reduced when cnicin was present compared with on the control diet. In conclusion, cnicin influenced host recognition by the specialist species, and larvae of the generalist did not survive on natural levels of cnicin. Growth and survival of the specialist were not influenced by cnicin but were considerably hampered on artificial diet.

  5. Structure-dependent phytotoxicity of catechins and other flavonoids: flavonoid conversions by cell-free protein extracts of Centaurea maculosa (spotted knapweed) roots.

    Bais, Harsh Pal; Walker, Travis S; Kennan, Alan J; Stermitz, Frank R; Vivanco, Jorge M

    2003-02-12

    Invasive plants are believed to succeed in part by secretion of allelochemicals, thus displacing competing plant species. Centaurea maculosa (spotted knapweed) provides a classic example of this process. We have previously reported that spotted knapweed roots secrete (+/-)-catechin and that (-)-catechin, but not (+)-catechin, is phytotoxic and hence may be a major contributor to C. maculosa's invasive behavior in the rhizosphere. In this communication, we explore both structure/activity relationships for flavonoid phytotoxicity and possible biosynthetic pathways for root production of (+/-)-catechin. Kaempferol and dihydroquercetin were shown to be phytotoxic, while quercetin was not. Kaempferol was converted to dihydroquercetin and (+/-)-catechin when treated with total root protein extracts from C. maculosa, but quercetin was not. This finding suggests an alteration in the standard flavonoid biosynthetic pathway in C. maculosa roots, whereby kaempferol is not a dead-end product but serves as a precursor to dihydroquercetin, which in turn leads to (+/-)-catechin production.

  6. O que o reumatologista deve saber sobre a vacina contra febre amarela

    Oliveira,Ana Cristina Vanderley; Mota,Licia Maria Henrique da; Santos-Neto,Leopoldo Luiz dos; Tauil,Pedro Luiz

    2013-01-01

    Os pacientes portadores de doenças reumáticas são mais suscetíveis à infecção, quer seja pela própria doença de base ou pelo tratamento empregado. É papel do reumatologista prevenir as infecções nesse grupo de pacientes e, dentre as estratégias empregadas, encontra-se a vacinação. No grupo das doenças infecciosas que podem ser prevenidas está a febre amarela. Sua vacina é segura e eficaz na população em geral, mas, assim como as vacinas contendo organismos vivos atenuados, deve ser evitada se...

  7. Febre reumática: um modelo animal para uma vacina humana

    Flavio Ferraz de Paes e Alcantara

    2006-01-01

    A febre reumática é um bom exemplo de uma doença auto-imune deflagrada por um processo infeccioso. Num prazo de uma a quatro semanas após a resolução de uma faringite não tratada por cepas reumatogênicas de S. pyogenes, o organismo de um hospedeiro susceptível desencadeia uma resposta imune contra grandes articulações, coração, tecidos subcutâneos e cérebro. Acredita-se que elementos presentes na bactéria e reconhecidos durante a infecção na orofaringe, sejam confundidos com estruturas própri...

  8. Eficiência de isolamento e de plaqueamento de protoplastos de laranja-doce

    Lívia Mendes de Castro

    2011-06-01

    Full Text Available O isolamento e plaqueamento de protoplastos são fatores fundamentais para o sucesso no cultivo in vitro deste tipo de explante visando a manipulações genéticas. A composição da solução enzimática no isolamento, a densidade de cultivo, bem como o próprio genótipo utilizado são variáveis importantes nestas etapas. Desta forma, o objetivo do trabalho foi avaliar a eficiência de isolamento de protoplastos em função de três soluções enzimáticas e a eficiência de plaqueamento em função de cinco densidades de protoplastos e diferentes composições de meio de cultura em cultivares de laranja-doce. As soluções enzimáticas avaliadas para o isolamento de protoplastos foram: 1. celulase Onozuka RS 1%, macerase R-10 1% e pectoliase 0,2%; 2. celulase Onozuka RS 1%, macerase R-10 1% ; 3. celulase Onozuka R-10 4%, macerase R-10 1%. O plaqueamento dos protoplastos foi realizado nas densidades de 2 x 10(4; 5 x 10(4; 10(5; 2x 10(5 e 3 x 10(5 protoplastos.mL-1, nos meios de cultura EME 0,7M, BH3 0,7M e BH3 + EME 0,7M em ausência de luz, a 25 ± 1 ºC. A solução enzimática 2 proporcionou maior rendimento no isolamento de protoplastos das cultivares 'Hamlin', 'Natal' e 'Pera', e a solução enzimática 1 foi a mais adequada para a laranja 'Westin'. Para a cultivar 'Lima-Verde', a solução enzimática 3 foi a mais eficiente. A eficiência final de plaqueamento, avaliada aos 90 dias de cultivo, foi superior nas densidades de 3 x 10(5 e 2 x 10(5 protoplastos.mL-1 para as cultivares 'Hamlin', 'Natal' e 'Lima-Verde', e nas densidades de 2 x 10(5 e 10(5 protoplastos.mL-1 para a laranja 'Westin'.

  9. A criança com febre no consultório Fever in pediatric office practice

    Jayme Murahovschi

    2003-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: quando a queixa febre é única ou preponderante, em criança atendida em consultório ou ambulatório, é recomedado selecionar aquelas que requerem investigação mais apurada, determinar os exames mais indicados para triagem, detectar os casos que exigem intervenção imediata e saber lidar com o sintoma febre e a ansiedade que ela provoca. FONTES DE DADOS: levantamento bibliográfico no Medline e em artigos previamente selecionados por sua importância. SÍNTESE DE DADOS: a febre pode acarretar alguns efeitos danosos e outros benéficos, nenhum de grande monta. A anamnese deve enfocar faixa etária, intensidade da febre, tremores de frio, alterações evidentes do apetite e do comportamento (estado infeccioso, outros sintomas localizatórios e duração do episódio febril. Os exames de triagem são hemograma, VHS, proteína C-reativa, exame de urina (leucócitos e bacterioscópico, eventualmente liquor e hemocultura. O tratamento da febre pode ser feito com antitérmicos, às vezes, completado com meios físicos (banho, compressas para reduzir o desconforto. CONCLUSÃO: a criança com febre exige do pediatra conhecimentos técnicos que se aplicam a todos os casos, e empatia, para individualizar a conduta.OBJECTIVE: to determine how to select a child who requires in depth laboratory investigation, defining the most appropriate laboratory screening tests, and to detect the individual who requires immediate therapy, when fever is the main symptom presented by the child seen in an outpatient clinic, or at the physician's office. Additionally, this review aims at providing suggestions on how to deal with fever, and with the anxiety it causes. SOURCES OF DATA: bibliographic review using Medline database and previously selected manuscripts. SUMMARY OF THE FINDINGS: fever may cause both negative and positive outcomes, none of major consequence. Age group, fever magnitude and duration, shivering, appetite decrease or behavioral changes

  10. Phytotoxic properties of cnicin, a sesquiterpene lactone fromcentaurea maculosa (spotted knapweed).

    Kelsey, R G; Locken, L J

    1987-01-01

    Water and solvent extracts from the aerial tissues ofCentaurea maculosa, spotted knapweed, inhibited the root growth of lettuce. Column chromatography and lettuce bioassay of a chloroform extract led to the isolation of cnicin, a sesquiterpene lactone. Pure cnicin was bioassayed at 0, 1, 2, 4, 6, 8, and 10 mg/5 ml water with lettuce, created wheatgrass, bluebunch wheatgrass, rough fescue, western larch, lodgepole pine, and spotted knapweed. Germination was inhibited at one or more concentrations for all species except lodgepole pine and spotted knapweed. Growth, particularly of the roots, was retarded between 1 and 4 mg of cnicin. Lettuce, bluebunch wheatgrass, and spotted knapweed were inhibited significantly at all concentrations tested.

  11. Aspectos histomorfométricos y cuantitativos del ovario de Patagioenas maculosa (Aves, Columbidae

    Carina Maron

    2012-10-01

    Full Text Available Se analizaron las variaciones estructurales y cuantitativas del ovario de Patagioenas maculosa (Temminck, 1813 durante el ciclo anual 2005 - 2006. Treinta y cinco hembras adultas se capturaron en el Departamento Río Primero (Córdoba, Argentina. Las gónadas se extrajeron, pesaron y fijaron en formol tamponado a pH 7.0 y procesaron de acuerdo a la técnica de inclusión en parafina. En la mayoría de las aves el análisis morfohistológico del ovario reveló un notorio desarrollo de la gónada desde mayo a febrero, observándose 4 ó 5 folículos vitelogénicos amarillos ≥ de 4 mm y folículos preovulatorios. El incremento del peso gonadal con un valor máximo en setiembre y octubre concordó con las características morfológicas de la fase de recrudescencia gonadal. Luego de la ovipostura, los escasos folículos en desarrollo y abundantes folículos postovulatorios y atrésicos indicaron el comienzo de la regresión ovárica. En los meses de marzo y abril, el ovario exhibió el aspecto del reposo gonadal con abundantes ovocitos primarios, folículos previtelogénicos y vitelogénicos blancos ≤ 2 mm, escasos folículos vitelogénicos amarillos ≥ 2 mm y folículos atrésicos pequeños. El peso mínimo fue registrado en marzo. De los resultados se infiere que P. maculosa ovipone durante la mayor parte del año y que la prolongada actividad gonadal de esta ave estaría relacionada con la gran disponibilidad de alimento en el área de muestreo.

  12. Superdosagem da vacina 17DD contra febre amarela, em uma região do sul do Brasil

    Marcelo Carneiro

    2011-04-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: A febre amarela é uma arbovirose prevenível por uma vacina eficaz e segura. MÉTODOS: Acompanhamento clínico prospectivo de 49 pessoas que receberam uma superdosagem equivocada de vacina contra febre amarela, durante o surto de 2009, em uma localidade rural do Vale do Rio Pardo, no interior do Rio Grande do Sul. RESULTADOS: Durante os 45 dias de acompanhamento clínico, em apenas 1 (2,1% caso houve a manifestação de um possível viscerotropismo agudo leve, como evento adverso pós-vacinal. CONCLUSÕES: No grupo de pessoas acompanhadas, após a superdosagem de vacina antiamarílica, percebeu-se a quase total inexistência de eventos adversos.

  13. A capacidade do bebê para estar só e o isolamento autista

    Maria Izabel Tafuri

    Full Text Available O tratamento preventivo das perturbações precoces com o risco de evolução Autista é discutido nesse texto como uma ação paradoxal do ponto de vista psicanalítico. A prevenção implica na perpetuação do pensamento psiquiátrico kraepeliano sobre a evolução obrigatória de um conjunto de sintomas de uma referida doença. Ao mesmo tempo enfatiza-se a necessidade do tratamento precoce de bebês com isolamento patológico.

  14. Isolamento social e sentimento de solidão em jovens adolescentes

    Ferreira, Débora Sousa Simões; Santos, António José; Ribeiro, Olívia; Freitas, Miguel da Costa Nunes de; Correia, João Carlos Verdelho; Rubin, Kenneth

    2015-01-01

    Os estudos mostram a importância das relações de pares para um desenvolvimento saudável e harmonioso, principalmente no período da adolescência. Como tal, a problemática do isolamento social torna-se num domínio com redobrado interesse durante esta fase da vida dos jovens. São vários os estudos que associam o retraimento social de crianças e adolescentes a consequências ligadas a perturbações internalizadas, como por exemplo, a solidão. O presente estudo teve como objetivo verificar os sentim...

  15. Simulated Warming Differentially Affects the Growth and Competitive Ability of Centaurea maculosa Populations from Home and Introduced Ranges

    He, Wei-Ming; Li, Jing-Ji; Peng, Pei-Hao

    2012-01-01

    Climate warming may drive invasions by exotic plants, thereby raising concerns over the risks of invasive plants. However, little is known about how climate warming influences the growth and competitive ability of exotic plants from their home and introduced ranges. We conducted a common garden experiment with an invasive plant Centaurea maculosa and a native plant Poa pratensis, in which a mixture of sand and vermiculite was used as a neutral medium, and contrasted the total biomass, competi...

  16. A first step in understanding an invasive weed through its genes: an EST analysis of invasive Centaurea maculosa

    He Ji

    2007-05-01

    Full Text Available Abstract Background The economic and biological implications of plant invasion are overwhelming; however, the processes by which plants become successful invaders are not well understood. Limited genetic resources are available for most invasive and weedy species, making it difficult to study molecular and genetic aspects that may be associated with invasion. Results As an initial step towards understanding the molecular mechanisms by which plants become invasive, we have generated a normalized Expressed Sequence Tag (EST library comprising seven invasive populations of Centaurea maculosa, an invasive aster in North America. Seventy-seven percent of the 4423 unique transcripts showed significant similarity to existing proteins in the NCBI database and could be grouped based on gene ontology assignments. Conclusion The C. maculosa EST library represents an initial step towards looking at gene-specific expression in this species, and will pave the way for creation of other resources such as microarray chips that can help provide a view of global gene expression in invasive C. maculosa and its native counterparts. To our knowledge, this is the first published set of ESTs derived from an invasive weed that will be targeted to study invasive behavior. Understanding the genetic basis of evolution for increased invasiveness in exotic plants is critical to understanding the mechanisms through which exotic invasions occur.

  17. A first step in understanding an invasive weed through its genes: an EST analysis of invasive Centaurea maculosa.

    Broz, Amanda K; Broeckling, Corey D; He, Ji; Dai, Xinbin; Zhao, Patrick X; Vivanco, Jorge M

    2007-05-24

    The economic and biological implications of plant invasion are overwhelming; however, the processes by which plants become successful invaders are not well understood. Limited genetic resources are available for most invasive and weedy species, making it difficult to study molecular and genetic aspects that may be associated with invasion. As an initial step towards understanding the molecular mechanisms by which plants become invasive, we have generated a normalized Expressed Sequence Tag (EST) library comprising seven invasive populations of Centaurea maculosa, an invasive aster in North America. Seventy-seven percent of the 4423 unique transcripts showed significant similarity to existing proteins in the NCBI database and could be grouped based on gene ontology assignments. The C. maculosa EST library represents an initial step towards looking at gene-specific expression in this species, and will pave the way for creation of other resources such as microarray chips that can help provide a view of global gene expression in invasive C. maculosa and its native counterparts. To our knowledge, this is the first published set of ESTs derived from an invasive weed that will be targeted to study invasive behavior. Understanding the genetic basis of evolution for increased invasiveness in exotic plants is critical to understanding the mechanisms through which exotic invasions occur.

  18. Febre transitória pós-broncofibroscopia – estudo prospectivo

    Marta Drummond

    2004-01-01

    Full Text Available RESUMO: Introdução - A broncofibroscopia (BFC é um procedimento essencial no diagnóstico e na terapêutica da patologia respiratória, mostrando-se uma técnica bastante segura. A ocorrência de febre transitória pós-broncofibroscopia tem sido descrita em alguns trabalhos.Objectivo - Determinar a incidência de febre e bacteriemia nas 24 horas pós-broncofibroscopia e os factores que propiciam o seu aparecimento.Material e Métodos - Estudaram-se prospectivamente 91 doentes ambulatórios e 40 doentes internados no S. Pneumologia do H.S.J. nas 24 h após BFC, relativamente ao aparecimento de febre (T> 38 ºC. Foram excluídos do estudo todos os doentes ambulatórios que haviam apresentado febre nas 48 h prévias ao procedimento, que apresentavam infecção do tracto respiratório inferior documentada, terapêutica antibiótica e/ ou corticoterapia em curso.A análise estatística foi realizada, usando o programa informático SPSS. Foram consideradas estatisticamente significativas as correlações com Pearson chi2 38 ºC and positive hemocultures.Statistical analysis were performed using SPSS and the significance was considered when pearson chi2 was 50%. We didn’t found statistically significant association between appearance of fever after BRF and age, dental caries, smoking habits, systemic disease, presence of endoscopic lesions and endoscopic techniques performed.Conclusion - Transient fever following BRF is a common event and in majority of cases is not associated with bacteriemia. No statistical significant association was found between fever event and any of the studied factors.REV PORT PNEUMOL 2004; X (1: 87-95 Palavras-chave: Febre, broncofibroscopia, mediadores pró-inflamatórios, Key-words: Fever, fiberoptic bronchoscopy, pro-inflammatory mediators

  19. Febre amarela ll - Estudo histopatológico do fígado

    Leon Cardeman

    1976-04-01

    Full Text Available Ao curso de um surto epizoótico de febre amarela acontecido no ano de 1973 nas regiões norte e centro-oeste do Brasil, foram feitos exames histopatológicos de material de fígado de casos suspeitos, retirados por viscerotomia e necropsias. Foram diagnosticados 57 casos positivos. Os exames histopatológicos demonstraram que não existe diferença da doença entre os casos da África e da América do Sul. O diagnóstico histopatológico continua baseado no fígado, na lesão de Councilman, na hiperplasia e hipertrofia das células de Kupfer, nas inclusões nucleares de Magarino Torres, no sinal de Eudoro Villela nos casos de longa duração. Não houve diferença histológica entre os casos descritos nas epidemias de F.A. urbana e os surtos epidêmicos e enzoóticos de F.A. silvestre nos últimos 43 anos.

  20. Diagnóstico de febre catarral maligna em bovinos do Uruguai

    Marcela Preliasco

    2013-01-01

    Full Text Available Foi realizado um estudo retrospectivo de 14 focos de febre catarral maligna (FCM em bovinos, detectados nos anos de 1999-2011, a partir dos arquivos da Seção Anatomia Patológica da Divisão de Laboratórios Veterinários (DILAVE "Miguel C. Rubino" Montevideo. Foram analisados os dados epidemiológicos, apresentação clínica e lesões macroscópicas e histopatológicas. Para a detecção do herpesvírus ovino tipo 2 (OvHV-2 foi utilizada a técnica de PCR sobre as amostras do sistema nervoso central de bovinos de 12 focos. Os surtos ocorreram principalmente nos meses de primavera e verão, na região norte do país. Em 64% (9/14 dos focos ocorreram episódios individuais da enfermidade, enquanto que os casos coletivos foram 5, nos quais a morbidade e mortalidade oscilaram entre 2% e 5%, sendo a letalidade 100% em todos os relatos. Em 50% dos surtos foi confirmado o contato direto entre bovinos e ovinos, enquanto no restante não havia tal informação. Clinicamente predominaram os sinais de opacidade bilateral da córnea, conjuntivite, secreção nasal e ocular mucopurulenta, assim como a síndrome nervosa. Os achados de necropsia mais frequentes foram opacidade bilateral da córnea e lesões inflamatórias nas mucosas. Os achados histopatológicos caracterizaram-se por panvasculite necrótica sistêmica. Foi possível detectar o agente etiológico por PCR em 5 dos 12 casos analisados.

  1. Febre amarela ll - Estudo histopatológico do fígado

    Leon Cardeman

    1976-04-01

    Full Text Available Ao curso de um surto epizoótico de febre amarela acontecido no ano de 1973 nas regiões norte e centro-oeste do Brasil, foram feitos exames histopatológicos de material de fígado de casos suspeitos, retirados por viscerotomia e necropsias. Foram diagnosticados 57 casos positivos. Os exames histopatológicos demonstraram que não existe diferença da doença entre os casos da África e da América do Sul. O diagnóstico histopatológico continua baseado no fígado, na lesão de Councilman, na hiperplasia e hipertrofia das células de Kupfer, nas inclusões nucleares de Magarino Torres, no sinal de Eudoro Villela nos casos de longa duração. Não houve diferença histológica entre os casos descritos nas epidemias de F.A. urbana e os surtos epidêmicos e enzoóticos de F.A. silvestre nos últimos 43 anos.During an epizootic outbreak of yellow fever ocurred in the year of 1973 in the north and middte west regions of Brazil, histopatological slides of liver material were made from suspected cases removed by viscerotomy and necropsies. There where diagnosed 57 positive cases. The histopatological slides demonstrated that there are no differences between the cases of the disease in Africa and South America. The histopatological diagnosis goes on based on the Hver, in the Councilman lesion, in hyperplasia and hypertrophy of the Kupfer cells, in delayed cases. There was no histological difference between the cases described in urban yellow fever epidemics and epidemic andenzootic outbreaks of jungle yellow fever in the last 43 years.

  2. Febres hemorrágicas por vírus no Brasil Viral hemorrhagic fevers in Brazil

    Luiz Tadeu Moraes Figueiredo

    2006-04-01

    Full Text Available Chamando a atenção para as febres hemorrágicas por vírus, que em sua maioria tem escassa informação divulgada e provavelmente são subnotificadas, mostra-se neste artigo casos clínicos das 4 doenças deste tipo que ocorrem no Brasil: febre amarela, dengue hemorrágico/síndrome de choque do dengue, febre hemorrágica por arenavírus e síndrome pulmonar e cardiovascular por hantavírus. Também, relevantes aspectos clínicos, laboratoriais e epidemiológicos destas viroses são aqui abordados. São doenças que têm alta letalidade e induzem extravasamento capilar e coagulopatia, que podem ser evidenciados pela elevação do hematócrito e plaquetopenia. A suspeita clínica e o tratamento precoce são fundamentais à sobrevida dos pacientes.To call atention to viral hemorrhagic fevers, diseases that are mostly underdivulged and, probably, undereported, we present here case reports of the 4 diseases of this kind that occur in Brazil: yellow fever, dengue haemorrhagic fever/dengue shock syndrome, arenavirus haemorrhagic fever and hantavirus cardiopulmonary syndrome. Relevant clinical, epidemiological and laboratorial diagnostic aspects of these viral haemorrhagic fevers are also shown here. These diseases have a high case fatality rate, induce capillary leaking and blood coagulation disturbances that are evidenced by hemoconcentrantion and thrombocytopenia. An early clinical diagnosis and treatment is fundamental for patient survival.

  3. Sodium channels in axons and glial cells of the optic nerve of Necturus maculosa.

    Tang, C M; Strichartz, G R; Orkand, R K

    1979-11-01

    Experiments investigating both the binding of radioactively labelled saxitoxin (STX) and the electrophysiological response to drugs that increase the sodium permeability of excitable membranes were conducted in an effort to detect sodium channels in glial cells of the optic nerve of Necturus maculosa, the mudpuppy. Glial cells in nerves from chronically enucleated animals, which lack optic nerve axons, show no saturable uptake of STX whereas a saturable uptake is clearly present in normal optic nerves. The normal nerve is depolarized by aconitine, batrachotoxin, and veratridine (10(-6)-10(-5) M), whereas the all-glial preparation is only depolarized by veratridine and at concentrations greater than 10(-3) M. Unlike the depolarization caused by veratridine in normal nerves, the response in the all-glial tissue is not blocked by tetrodotoxin nor enhanced by scorpion venom (Leiurus quinquestriatus). In glial cells of the normal nerve, where axons are also present, the addition of 10(-5) M veratridine does lead to a transient depolarization; however, it is much briefer than the axonal response to veratridine in this same tissue. This glial response to veratridine could be caused by the efflux of K+ from the drug-depolarized axons, and is similar to the glial response to extracellular K+ accumulation resulting from action potentials in the axon.

  4. Cellular protein receptors of maculosin, a host specific phytotoxin of spotted knapweed (Centaurea maculosa L.).

    Park, S H; Strobel, G A

    1994-01-05

    Maculosin (the diketopiperazine, cyclo (L-Pro-L-Tyr)) is a host specific phytotoxin produced by Alternaria alternata on spotted knapweed (Centaurea maculosa L.). Receptors for this phytotoxin have been isolated from spotted knapweed. Knapweed leaves possess most of the maculosin-binding activity in the cytosolic fraction. However, activity was also observed in the whole membrane fraction of the leaf. The binding component of the cytosolic fraction was identified as a protein(s) because of its heat-lability and sensitivity to proteases. A 16-fold purification of a toxin-binding protein was carried out by ammonium sulfate fractionation, and Sephadex G-200, and maculosin-affinity column chromatography. The affinity column was prepared with epoxy activated Sepharose 6B to which the phenolic group of maculosin was attached. The receptor was estimated to contain more than one binding protein by native and SDS-PAGE. At least one of the maculosin-binding proteins was identified as ribulose-1,5-biphosphate carboxylase (RuBPcase).

  5. [Intravaginal treatment of colpitis maculosa with an oestriol-containing vaginal cream (author's transl)].

    Schröck, A; Kofler, K; Baumgarten, K; Endl, J; Schmidt, J; Tatschl, S

    1981-12-11

    43 patients with colpitis maculosa (average age 60.2 years) were selected for an open control therapeutic study with Ortho-Gynest vaginal cream (Ortho-Cilag). The cream contains 0.5 mg of oestriol per single applicator filling. The treatment lasted from 3 to 4 weeks, success being evaluated by clinical documentation and cytological evaluation of vaginal smears before and after treatment. 10 patients (23.3%) were treated successfully, 29 (67.4%) showed a distinct improvement both clinically and cytologically, whilst the remaining 4 (9.3%) showed only moderate improvement. Hence, 39 patients (90.7%) were classified as having been successfully or partly successfully treated. Severe symptoms disappeared completely or were greatly alleviated in 91.4% cases. Moderate symptoms vanished in 59.7%. 58.1% showed a complete normalisation of the former atrophic vaginal skin. Blood spotting and reddening of the vaginal wall vanished completely. A change from dry to moist vagina occurred in 77.3% patients. Discharge vanished completely in 80.6% cases. No untoward side effects were recorded.

  6. Meio semi-seletivo para isolamento de Xanthomonas campestris pv. viticola

    Peixoto Ana Rosa

    2006-01-01

    Full Text Available O cancro bacteriano causado por Xanthomonas campestris pv. viticola é a fitobacteriose mais importante da videira no Submédio São Francisco. O isolamento de X. campestris pv. viticola de tecidos vegetais infectados é dificultado pela presença de contaminantes bacterianos, entre os quais Microbacterium barkeri. Objetivando-se a formulação de meio de cultura semi-seletivo, 22 isolados de X. campestris pv. viticola foram testados com relação a 30 antibióticos. O meio semi-seletivo NYDAM (extrato de carne 3, peptona 5, glicose 10, extrato de levedura 5, ágar 18 e ampicilina 0,1 em g L-1 inibiu M. barkeri e bactérias fitopatogênicas podendo ser utilizado para isolar X. campestris pv. viticola de hospedeiros com infecção natural em campo.

  7. Isolamento reprodutivo entre Australorbis glabratus e A. nigricans Reproductive isolation between Australorbis glabratus and A. nigricans

    W. Lobato Paraense

    1955-12-01

    Full Text Available Foram feitas provas de cruzamento entre espécimes de uma população de A. glabratus e de outra de A. nigricans, utilizando o fator de albinismo como mercador genético. O resultado dessas provas revelou completo isolamento reprodutivo entre ambas, permitindo separá-las como boas espécies de acôrdo com o critério biológico.Crossing experiments were made between specimens from one population of A. glabratus and another of A. nigricans, the factor of albinism having been used as genetic marker. The results of those experiments revealed a complete reproductive isolation between both population, thus indicating their specific distinctness according to the biological criterion.

  8. Isolamento biomonitorado de alcalóides tóxicos de Prosopis juliflora (algaroba

    I.M. Tabosa

    Full Text Available Uma investigação fitoquímica das vagens de Prosopis juliflora cultivada na região semi-árida do Estado da Paraíba e monitorada através de testes farmacológicos levou ao isolamento, purificação e identificação do alcalóide principal juliprosopina. A presença de outros constituintes químicos em mistura, tais como juliprosina e juliprosineno, foi verificada na fração dos alcalóides totais através de uma análise do espectro de RMN de 13C. Este trabalho sugere que a toxicidade, observada em animais de laboratório, está quimicamente relacionada com os alcalóides piperidínicos presentes nas vagens desta leguminosa.

  9. Isolamento di Brucella suis biovariante 2 da un cinghiale in Abruzzo, Italia

    Fabrizio De Massis

    2012-12-01

    Full Text Available Un cinghiale selvatico femmina, di circa due anni di età, è stato trovato morto dai Servizi Veterinari a Pianola di Roio a L'Aquila, Provincia situata nella Regione Abruzzo nell'Italia centrale. La carcassa è stata conferita all'Istituto Zooprofilattico Sperimentale dell'Abruzzo e del Molise "G. Caporale" di Teramo per l'esecuzione dell'esame autoptico. Dai linfonodi sotto-mandibolari di questo esemplare è stato isolato un ceppo di Brucella suis biovariante 2. Questa è la prima segnalazione d'isolamento di B. suis nella Regione Abruzzo. Diversi autori hanno accettato, in passato, l'ipotesi che B. suis biovariante 2 sia stata introdotta in Italia attraverso l'importazione di lepri provenienti dai paesi europei in cui l'infezione è endemica nelle popolazioni selvatiche. Questa considerazione ha portato le autorità italiane a rafforzare i controlli esistenti sulle lepri selvatiche importate a scopo di ripopolamento. Tuttavia, attualmente, non è in vigore alcuna disposizione (né lo è stata in passato per il controllo della brucellosi nei cinghiali movimentati, sia a livello nazionale che europeo. L'isolamento di B. suis biovariante 2 da cinghiali in altre Regioni italiane geograficamente distanti potrebbe suggerire che questa specie, piuttosto che le lepri importate, possa essere stata la fonte d'introduzione dell'infezione in tali aree. Le norme nazionali ed europee di gestione della brucellosi nella fauna selvatica dovrebbero essere indirizzate al controllo dello stato di salute dei cinghiali negli allevamenti prima delle movimentazioni o del rilascio, con l'obiettivo di prevenire la diffusione di questo patogeno in territori indenni.

  10. Genome-wide comparisons reveal a clinal species pattern within a holobenthic octopod-the Australian Southern blue-ringed octopus, Hapalochlaena maculosa (Cephalopoda: Octopodidae).

    Morse, Peter; Kjeldsen, Shannon R; Meekan, Mark G; Mccormick, Mark I; Finn, Julian K; Huffard, Christine L; Zenger, Kyall R

    2018-02-01

    The southern blue-ringed octopus, Hapalochlaena maculosa (Hoyle, 1883) lacks a planktonic dispersal phase, yet ranges across Australia's southern coastline. This species' brief and holobenthic life history suggests gene flow might be limited, leaving distant populations prone to strong genetic divergence. This study used 17,523 genome-wide SNP loci to investigate genetic structuring and local adaptation patterns of H. maculosa among eight sampling sites along its reported range. Within sites, interrelatedness was very high, consistent with the limited dispersal of this taxon. However, inbreeding coefficients were proportionally lower among sites where substructuring was not detected, suggesting H. maculosa might possess a mechanism for inbreeding avoidance. Genetic divergence was extremely high among all sites, with the greatest divergence observed between both ends of the distribution, Fremantle, WA, and Stanley, TAS. Genetic distances closely followed an isolation by geographic distance pattern. Outlier analyses revealed distinct selection signatures at all sites, with the strongest divergence reported between Fremantle and the other Western Australian sites. Phylogenetic reconstructions using the described sister taxon H. fasciata (Hoyle, 1886) further supported that the genetic divergence between distal H. maculosa sites in this study was equivalent to that of between established heterospecifics within this genus. However, it is advocated that taxonomic delineations within this species should be made with caution. These data indicate that H. maculosa forms a clinal species pattern across its geographic range, with gene flow present through allele sharing between adjacent populations. Morphological investigations are recommended for a robust resolution of the taxonomic identity and ecotype boundaries of this species.

  11. A febre como manifestação clínica da toxoplasmose adquirida, forma linfoglandular

    Vicente Amato Neto

    1973-08-01

    Full Text Available Analisaram os autores aspectos relativos à febre em casuística constituída por 100 pacientes, de ambos os sexos e diversas idades, acometidos de toxoplasmose adquirida, forma linfoglandular. Paralelamente, outras manifestações clínicas da doença foram consideradas. Como fatos fundamentais apuraram que hipertermia não faz parte, de maneira constante, da configuração clínica da citada modalidade da protozoose. Ela esteve ausente em pelo menos 27% dos indivíduos computados no estudo e, quando notada, persistiu em geral durante período não superior a um mês e menos do que algumas outras queixas, tendo comumente demonstrado predomínios vespertinos. A constatação referente à fase de permanência das elevações térmicas encerra significado prático, sobretudo na tentativa de elucidação de processo mórbido qualificado como febre de origem indeterminada, pois deve limitar, muitas vezes, interpretações não coerentes com o fato verificado.In this paper the authors analyze several aspects related to fever in 100 patients, of both sexes and different ages, bearers of acquired toxoplasmosis, lymphadenopathic form. Simultaneously, other clinical manifestations of the disease were considered as well. As basic finding the authors observed that fever was not at all a constant sign in the clinical picture of the said form of the disease. It was absent in at least 27% of the studied patients; when present, it lasted in general for a period of time not longer than one month and less than some other symptoms. Usually, fever was higher in the afternoon. The facts above are of practical importance, and should be taken into account whenever a discussion on differential diagnosis of fever of unknown origin is under consideration.

  12. Viroses confundíveis com febre aftosa Viral diseases to be differentiated from foot-and-mouth disease

    Franklin Riet-Correa

    1996-08-01

    Full Text Available Revisam-se as doenças que devem ser consideradas no diagnóstico diferencial de febre aftosa. Dentre as doenças vesiculares ou erosivas, descrevem-se os principais aspectos relacionados ao diagnóstico da estomatite vesicular, diarréia viral bovina, febre catarral maligna, infecções por herpesvírus bovino 1 e 5, e uma estomatite ulcerativa associada a parvovírus bovino, que ocorreu no Rio Grande do Sul; língua azul, para a qual tem sido detectados anticorpos em bovinos e ovinos do Rio Grande do Sul; mamilite herpética que ocorre em outros Estados do País;peste bovina, que foi diagnosticada e erradicada no Estado de São Paulo em 1921; estomatite popular; e duas doenças exóticas:exantema vesicular e doença vesicular do suíno.Diseases to be considered in the differential diagnosis of foot-and-mouth disease are reviewed. The main aspects relating to the diagnosis of vesicular stomatitis, bovine virus diarrhea, malignant catarrhal fever, bovine herpesvirus 1 and 5, andem ulcerative stomatitis associated with bovine parvovirus are described. Bluetongue, that probably occurs in Rio Grande do Sul because antibodies to the virus have been detected in cattle and sheep; is refered. Bovine ulcerative mammilitis, reported in other Brazilian States, rinderpest, reported and eradicated in the State of São Paulo in 1921, and popular stomatitis are also cited, and so are two exotic diseases: vesicular exanthema and swine vesicular disease.

  13. Isolamento de micobactérias em Felis concolor em cativeiro

    María Julia Traversa

    2009-02-01

    Full Text Available Este trabalho foi realizado em uma reserva natural da Argentina com antecedentes de tuberculose em uma suçuarana adulta. O objetivo foi identificar por meio de técnicas bacteriológicas e de biologia molecular as espécies isoladas da orofaringe de cinco suçuaranas que apresentavam sinais clínicos inespecíficos. As amostras foram colhidas das suçuaranas após sedação. Posteriormente foram processadas para obtenção do isolamento e identificação por meio de provas bioquímicas do gênero Mycobacterium pela técnica de PCR. Investigou-se a presença das seqüências de inserção IS6110 e IS1081 e hsp65. Obtiveram-se resultados positivos à coloração de Ziehl-Neelsen de quatro amostras, isolando cinco cepas de crescimento lento. As cepas foram classificadas como M. gordonae em dois casos e M. simiae, M scrofulaceum e M. avium/intracellulare em um. Por PRA, identificou-se o padrão de M. gordonae em três cepas e M. avium III ou M. simiae em dois.

  14. Plástica da valva mitral em portadores de febre reumática

    Pablo M. A. Pomerantzeff

    1998-07-01

    Full Text Available Objetivo: Analisar os resultados tardios da plástica da valva mitral em pacientes reumáticos. Casuística e Métodos: Durante o período de março de 1980 a dezembro de 1997, 201 pacientes portadores de insuficiência mitral secundária a febre reumática foram submetidos à plástica da valva mitral, no Instituto do Coração do HCFMUSP. A idade média foi de 26,9 ± 15,4 anos e 59,7% dos pacientes eram do sexo feminino. Outros diagnósticos estavam presentes em 67,7% dos pacientes, sendo o mais freqüente a insuficiência tricúspide (31,3%. As técnicas de plástica da valva mitral foram: anel de Carpentier em 75 (37,3%, anuloplastia com tira posterior de pericárdio bovino em 68 (33,8%, anuloplastia posterior segmentar em 16 (7,9%, ressecção quadrangular da cúspide posterior com plicatura do anel correspondente em 11 (5,5%, ressecção de segmento da cúspide anterior em 6 (3%, anuloplastia tipo De Vega em 6 (3%, Kay em 5 (2,5%, Reed em 4 (2% e outras em 10 pacientes. Técnicas associadas de plástica foram empregadas em 94 (46,8% pacientes, sendo a mais freqüente o encurtamento de cordas (48 pacientes - 23,9%. Cirurgias associadas foram realizadas em 113 pacientes (56,2%. As curvas actuariais de Kaplan-Meier foram comparadas através de análise de regressão linear. Resultados: A mortalidade hospitalar foi de 4 (2,0% pacientes, e as causas de mortalidade foram a falência de múltiplos órgãos em 2 (50% pacientes e o baixo débito cardíaco em 2 (50%. No pós-operatório tardio, 83,9% dos pacientes se encontravam em classe funcional I (NYHA. A sobrevida actuarial foi de 93,9 ± 1,9% em 125 meses. Vinte e três pacientes foram reoperados no pós-operatório tardio, com um intervalo médio de 35,7 meses. A sobrevida livre de reoperação foi 43,3 ± 13,7% em 125 meses. Analisando-se separadamente os pacientes segundo a faixa etária, no grupo menor de 16 anos (Grupo 1 a sobrevida actuarial foi de 91,3 ± 3,8%, contra uma sobrevida de

  15. Registro da pomba-do-orvalho Patagioenas maculosa (Aves: Columbidae no estado de Santa Catarina, sul do Brasil

    Ivo Rohling Ghizoni-Jr

    2009-08-01

    Full Text Available http://dx.doi.org/10.5007/2175-7925.2009v22n2p195 Apresentamos o primeiro registro da pomba-do-orvalho Patagioenas maculosa (Aves: Columbidae para Santa Catarina, região sul do Brasil. Um indivíduo foi observado em 10 de setembro de 2006 em uma área aberta (pastagens para gado e vegetação arbustiva no município de Anita Garibaldi (centro-sul do estado. Sugerimos que este encontro pontual é resultado de uma recente expansão da distribuição desta espécie devido a modificações na paisagem nesta região.

  16. Reemergence of yellow fever: detection of transmission in the State of São Paulo, Brazil, 2008 Reemergência de febre amarela: detecção de transmissão no Estado de São Paulo, Brasil, 2008

    Eduardo Stramandinoli Moreno

    2011-06-01

    Full Text Available INTRODUCTION: Following yellow fever virus (YFV isolation in monkeys from the São José do Rio Preto region and two fatal human autochthonous cases from the Ribeirão Preto region, State of São Paulo, Brazil, two expeditions for entomological research and eco-epidemiological evaluation were conducted. METHODS: A total of 577 samples from humans, 108 from monkeys and 3,049 mosquitoes were analyzed by one or more methods: virus isolation, ELISA-IgM, RT-PCR, histopathology and immunohistochemical. RESULTS: Of the 577 human samples, 531 were tested by ELISA-IgM, with 3 positives, and 235 were inoculated into mice and 199 in cell culture, resulting in one virus isolation. One sample was positive by histopathology and immunohistochemical. Using RT-PCR, 25 samples were processed with 4 positive reactions. A total of 108 specimens of monkeys were examined, 108 were inoculated into mice and 45 in cell culture. Four virus strains were isolated from Alouattacaraya. A total of 931 mosquitoes were captured in Sao Jose do Rio Preto and 2,118 in Ribeirão Preto and separated into batches. A single isolation of YFV was derived from a batch of 9 mosquitoes Psorophoraferox, collected in Urupês, Ribeirão Preto region. A serological survey was conducted with 128 samples from the municipalities of São Carlos, Rincão and Ribeirão Preto and 10 samples from contacts of patients from Ribeirão Preto. All samples were negative by ELISA-IgM for YFV. CONCLUSIONS: The results confirm the circulation of yellow fever, even though sporadic, in the Sao Paulo State and reinforce the importance of vaccination against yellow fever in areas considered at risk.INTRODUÇÃO: A partir do isolamento do vírus febre amarela (VFA, de macacos, da região de São José do Rio Preto e de dois casos humanos autóctones fatais, da região de Ribeirão Preto, Estado de São Paulo, foram realizadas duas expedições para pesquisa entomológica e avaliação ecoepidemiológica. M

  17. Isolamento e caracterização de bactérias degradadoras do herbicida diuron

    Roque Milton Ricardo de Abreu

    2000-01-01

    Full Text Available Solos provenientes de áreas cultivadas com cana-de-açúcar, e histórico de utilização do herbicida diuron, foram utilizados para isolamento e caracterização de linhagens bacterianas com potencial de degradar este herbicida. As linhagens foram isoladas de solos da rizosfera de cana-de-açúcar e de solos das entre linhas. Noventa e oito linhagens foram isoladas, das quais 27 foram selecionadas para avaliação do crescimento em meio mineral sólido suplementado com diuron nas concentrações de 5, 10 e 20 mig mL-1. Neste experimento, 5 linhagens apresentaram um crescimento exponencial entre 0-48 horas (EMBRAPA-CNPMA D12-12, D12-14 e D16-12 e entre 0-110 horas (EMBRAPA-CNPMA D11-9 e D12-18, similar ao controle. A linhagem EMBRAPA-CNPMA D12-12 identificada como Acinetobacter baumannii, foi selecionada para estudo de cinética de crescimento em meio mineral, com e sem fonte de nitrogênio, com e sem glicose (0,5% e suplementado com diuron nas concentrações 20, 50 e 100 mig mL-1, apresentando variação em função da fonte de N, da presença da glicose e da concentração do diuron.

  18. Febre crônica associada a abscesso esplênico causado por Staphylococcus epidermidis Chronic fever associated with splenic abscess due to Staphylococcus epidermidis

    Juliana Salles de Carvalho

    2007-10-01

    Full Text Available Abscessos ocultos são causa freqüente de febre crônica. Os abscessos esplênicos são entidades raras, usualmente associadas a quadros subjacentes de cirurgia abdominal, endocardite ou imunodepressão. Apresenta-se um caso de paciente com febre prolongada causada por um abscesso esplênico, cujo principal diagnóstico diferencial era leishmaniose visceral, que provavelmente esteve associado a traumatismo abdominal. O tratamento consistiu em antibioticoterapia seguida de esplenectomia.Occult abscesses are frequent causes of chronic fever. Splenic abscesses are rare entities that are usually associated with underlying conditions such as abdominal surgery, endocarditis or immunodepression. We report on the case of a patient with prolonged fever caused by a splenic abscess, whose main differential diagnosis was visceral leishmaniasis. However, this condition was probably related to abdominal trauma. The treatment consisted of antibiotics followed by splenectomy.

  19. Fauna de Culicidae em municípios da zona rural do estado do Amazonas, com incidência de febre amarela

    Fé Nelson Ferreira

    2003-01-01

    Full Text Available Em 1996, foi realizado um levantamento da fauna de Culicidae (coleta de adultos e imaturos em cinco dos dez municípios onde foram registrados 14 casos de febre amarela silvestre (Rio Preto da Eva, Iranduba, Manacapuru, Manaquiri e Careiro. Os mosquitos foram coletados utilizando-se armadilhas de luz CDC, inspeções domiciliares e captura com tubos coletores para isca humana. Foram identificadas entre adultos e imaturos 36 espécies de Culicidae, entre estas, nove foram encontradas apenas na fase imatura. Dentre os adultos, coletou-se espécies de Haemagogus janthinomys, Ha. leucocelaenus e Aedes fulvus, incluídas entre os vetores de febre amarela silvestre.

  20. Structural analysis of the phytophagous insect guilds associated with the roots of Centaurea maculosa Lam. C. diffusa Lam., and C. vallesiaca Jordan in Europe: : I. Field observations.

    Müller, Heinz

    1989-01-01

    During extensive field surveys in central and eastern Europe, 21 herbivorous root insect species were found on Centaurea maculosa ssp. rhenana Boreau, 12 species on C. diffusa Lam. and 11 species on C. vallesiaca Jordan, representing 12 families in 4 orders. The large geographic distribution (species-area function), the high number of Centaurea spp. present (host speciation rate), and the high apparency of the rosettes and the rich food resources offered by the roots during winter, together with their poor accessibility, correlate with the high number of specialist feeders associated with the roots of C. maculosa and C. diffusa. The members of the taxonomically diverse root entomofauna exploit specific structures of the tap root (food niches). Interspecific competition among members of food niches, as well as species-specific responses to different phenological stages (for oviposition) and tissues (for larval development) are thought to be responsible for the high predictability in guild structure. The relatively low levels of host plant attack (two thirds of the roots were unattacked) and the fact that food niches remained unoccupied in most of the regions suggest, however, that the majority of the studied guilds do not represent equilibrium assemblages. Ecological (different habitats), climatic (transitional zone) and historical (ancient pre-Pleistocene communities) factors could account for the highest values of species diversity, infestation levels, species packing and food niche utilization, which are found on C. maculosa in E. Austria/NW. Hungary, compared to other regions. A positive correlation between species packing (number of root-feeding species per population) and infestation rates (percent of roots attacked) was only found for the more stable, semi-natural habitats. A comparative analysis of the regional root insect guilds of C. maculosa with corresponding data for the phytophagous insects associated with the flower heads revealed distinct taxonomical

  1. MATERIAIS DE ISOLAMENTO TÉRMICO DE EDIFÍCIOS. PARA ALÉM DA ENERGIA OPERACIONAL.

    Carlos Oliveira Augusto

    2016-12-01

    Full Text Available A utilização de materiais de isolamento térmico para a obtenção de edifícios energeticamente eficientes visa, na generalidade dos casos, a satisfação das respetivas necessidades de aquecimento e arrefecimento da fase operacional. O objetivo principal deste trabalho é o de - mediante a utilização de metodologia exploratória, nomeadamente revisão bibliográfica - identificar materiais de isolamento mais sustentáveis e, concomitantemente, expor o efeito paradoxal de outros com elevado Potencial de Aquecimento Global (GWP, destacando o papel da Avaliação de Ciclo de Vida (ACV, do Ecodesign e da Declaração Ambiental de Produto (DAP para a conceção, comparação e seleção de materiais. Como principal conclusão, salienta-se a ausência generalizada de informação ambiental por parte dos produtores o que, a par de preços de aquisição que não internalizam Custos de Ciclo de Vida (LCC, tem conduzido à utilização de materiais com elevada pegada de carbono e ao “paradoxo do isolamento”. 

  2. Febre purpúrica brasileira: resultados preliminares da investigação etiológica

    K. Irino

    1987-06-01

    Full Text Available Em várias regiões do interior do Estado de São Paulo, notificou-se a partir do final de 1984 a 1986, a ocorrência de doença até então desconhecida, com características clínicas, em muitos aspectos, semelhante à meningococcemia. Esta síndrome foi denominada Febre Purpúrica Brasileira (FPB. Em quinze dos casos com quadro clínico compatível com a síndrome, o Haemophilus aegyptius foi isolado a partir de culturas de sangue, de líquido cefalorraquidiano sanguinolento, de secreção conjuntival e orofaríngea. Analisa-se a importância deste achado, face à existência de somente um relato na literatura, de infecção sistêmica por bactérias desta espécie.

  3. Un contrato de los Hernandos para la capilla de les Febres de la Seo de Xàtiva en 1511

    Gómez-Ferrer, Mercedes

    2006-06-01

    Full Text Available The contract dated 1511 signed by Fernando Llanos and Fernando Yáñez de la Almedina, Castillian painters known as “the Hernandos,” for the termination of an altarpiece in the chapel of the “Virgen de les Febres” is presented here. This chapel was founded in 1497 in the collegiate church of Jàtiva (Valencia by Francisco de Borja, Bishop of Teano and Cardinal of Cosenza. Based on this document, a series of hypotheses are put forth concerning the trajectory and works of “the Hernandos” following their execution of the doors of the main altarpiece of the Cathedral of Valencia.

    Se presenta el contrato firmado en 1511 por Fernando Llanos y Fernando Yañez de la Almedina, pintores castellanos conocidos como los Hernandos, para la finalización de un retablo para la capilla de la Virgen de les Febres, fundada en 1497 por D. Francisco de Borja, obispo de Teano y cardenal de Cosenza, en la colegiata de Xàtiva (Valencia. A partir del documento, se plantean una serie de hipótesis sobre la trayectoria y obra de los Hernandos tras la realización de las puertas del retablo mayor de la catedral de Valencia.

  4. Isolamento social, sociabilidades e redes sociais de cuidados Social isolation, sociability and social care networks

    Ivonete Alves de Lima Cavaliere

    2011-01-01

    Full Text Available Este trabalho examina, em caráter exploratório, experiências de isolamento social vividas por indivíduos portadores de hanseníase, internados na ex-colônia Tavares de Macedo, em Itaboraí, onde foram mantidas da década de 1930 até os dias de hoje, para problematizar noções sobre segregação e discriminação social presentes nesse meio. Para tanto, examina sociabilidades e redes sociais de cuidados estabelecidas na vida em comum nessa "ex-colônia de leprosos", quase sempre como alternativas às condições oferecidas pelos sistemas públicos de proteção social. Faz isso com base em narrativas de alguns desses sujeitos, vistos em suas diferenças - nas interseções das relações por sexos, classes, raças/etnias, gerações, e também por religiões e graus de escolaridade. Recorre à história oral, modo de oferecer novas interpretações qualitativas de processos histórico-sociais evidenciados nessas sociabilidades e redes, nem sempre visíveis como formas singulares de proteção social da vida em comum.This exploratory work examines the social isolation experienced by individuals with leprosy admitted to the former colony Tavares de Macedo, Itaboraí, where they were kept from the 1930s until the present day, to question notions of segregation and social discrimination present in this environment. So it analyzes sociabilities and social care networks established in the common life in this "ex-leper colony," usually as alternatives to the conditions offered by the public systems of social protection. The work is based on stories of some of the subjects, seen in their differences - at intersection of gender relations, classes, races/ethnicities, generations and also by religions and educational backgrouns. It adopts the oral history, so as to offer new qualitative interpretations of social and historical processes shown in these networks and sociability, not always visible as unique forms of social protection of life in groups.

  5. Identification of Two Pathogenic Aeromonas Species Isolated during Production Related Epizootics from Juvenile Burbot Lota lota maculosa.

    Terrazas, Marc M; Anderson, Cort L; Jacobs, Sarah J; Cain, Kenneth D

    2018-05-25

    In response to population declines of Burbot Lota lota maculosa, conservation aquaculture methods have been developed for this species. In general, Burbot are relatively resistant to many salmonid pathogens; however, cultured juvenile Burbot have experienced periodic epizootic disease outbreaks during production. A series of trials were conducted to determine the virulence of select bacteria isolated from juvenile Burbot following outbreaks that occurred in 2012 and 2013 at the University of Idaho's Aquaculture Research Institute. Initial clinical diagnostics and sampling resulted in the isolation of numerous putative bacterial pathogens. To determine which bacteria were the most likely causative agents contributing to these epizootics, juvenile Burbot were injectied intraperitoneally (IP) with select bacteria in log phase growth. Mortality associated with specific isolates was recorded, and more comprehensive challenges followed this initial screening. These challenges used side-by-side IP and immersion methods to expose Burbot to potential pathogens. The challenges resulted in significantly higher mortalities in fish following IP injection of two Aeromonas sp. isolates compared to controls (P ≤ 0.01), but no difference in mortality for immersion challenged groups was observed (P = 0.42). Results demonstrate that two isolates (Aeromonas sp.) cultured from the epizootics are virulent to Burbot. This article is protected by copyright. All rights reserved. This article is protected by copyright. All rights reserved.

  6. Isolation of Sporothrix schenkii from the nails of healthy cats Isolamento de Sporothrix schenckii de unhas de gatos sadios

    Lorena Leonardo de Souza

    2006-09-01

    Full Text Available Many cases of sporotrichosis in cats were diagnosed in the town of Rio Grande, RS, Brazil, caused mainly by inoculation due to scratches. In this work, we evaluated the frequency of Sporothrix schenckii in the nails of healthy cats living together with cats showing clinical sporotrichosis. The isolation of the fungus was carried out pressing unwashed nails of the forelimbs of 24 cats (48 paws directly onto the surface of Mycobiotic Agar in Petri dishes. S. schenckii was isolated from seven (29.1% cats. The procedure for isolation of the fungus was simpler than methods that require sedation and cuts of the nails.Um número elevado de casos de esporotricose em gatos foi diagnosticado na cidade de Rio Grande/RS/Brasil, e na maioria dos animais, a doença ocorreu após inoculação do fungo a partir de arranhões. Nesse estudo, avaliou-se a freqüência de Sporothrix schenckii nas unhas de gatos saudáveis que conviviam com gatos com esporotricose. O isolamento do fungo foi realizado a partir da impressão das unhas dos membros torácico direito e esquerdo, de 24 gatos (48 patas, diretamente em placas de Petri com Agar Mycobiotic sem lavagem prévia das unhas. S. schenckii foi isolado de sete gatos (29,1%. O procedimento adotado para o isolamento do fungo foi mais simples que os procedimentos que requerem sedação e corte das unhas do animal.

  7. Los hijos de la Xica que Manda: El laberinto de la soledad de Octavio Paz en Fe en disfraz de Mayra Santos-Febres

    Maddox, John

    2017-01-01

    En la novela Fe en disfraz (2009), Mayra Santos-Febres ha reescrito El laberinto de la soledad (1950) de Octavio Paz en un espacio transnacional que incluye Estados Unidos, Brasil, Puerto Rico y Venezuela para hacer el estudio de la esclavitud y la identidad afro-latinoamericana pagano, corpóreo, visceral y político. Su protagonista, la historiadora Fe, tiene relaciones al estilo kink con su colega y empleado Martín cada Noche de Brujas. En estos encuentros, Fe se viste de la brasileña esclav...

  8. Aedes albopictus em área rural do Brasil e implicações na transmissão de febre amarela silvestre

    Almério de Castro Gomes

    1999-02-01

    Full Text Available Durante estudos ecológicos sobre mosquitos anofelíneos no município de Bataguassu, Estado de Mato Grosso do Sul, foram encontradas larvas e adultos de Aedes albopictus. Pela primeira vez sua introdução ocorre numa área enzoótica do vírus selvático da febre amarela no Brasil. Isto sugere risco potencial para transferência desse vírus para área urbana infestada com Aedes aegypti.

  9. Aedes albopictus em área rural do Brasil e implicações na transmissão de febre amarela silvestre

    Gomes Almério de Castro

    1999-01-01

    Full Text Available Durante estudos ecológicos sobre mosquitos anofelíneos no município de Bataguassu, Estado de Mato Grosso do Sul, foram encontradas larvas e adultos de Aedes albopictus. Pela primeira vez sua introdução ocorre numa área enzoótica do vírus selvático da febre amarela no Brasil. Isto sugere risco potencial para transferência desse vírus para área urbana infestada com Aedes aegypti.

  10. Teorias sobre a propagação da febre amarela: um debate científico na imprensa paulista, 1895-1903

    Soraya Lódola

    2015-09-01

    Full Text Available O artigo descreve o debate sobre as teorias de propagação da febre amarela na imprensa paulista. Nosso recorte temporal foi definido entre 1895 e 1903, período de grande incidência da enfermidade no Brasil e de crescente influência da bacteriologia nas teorias sobre as doenças. Realizou-se pesquisa documental em jornais de grande circulação de São Paulo e periódicos médicos da época. Os dados empíricos foram coletados no Arquivo Público do Estado de São Paulo e na biblioteca da Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo. Foi identificado confronto entre as teorias de propagação da febre amarela, revelador de disputa simbólica por espaço na constituição do campo científico.

  11. O doutor Audouard em Barcelona (1821 e a repercussão de sua tese sobre a febre amarela no Brasil

    Kaori Kodama

    2008-12-01

    Full Text Available O artigo pretende analisar parte dos trabalhos do médico militar francês Mathieu François Maxime Audouard, que observara a epidemia de febre amarela em Barcelona em 1821. Audouard passaria a acusar o tráfico negreiro como principal causa da doença. Embora suas idéias fossem controversas e nem sempre aceitas pelos médicos de diferentes partes do mundo, elas apresentaram repercussão entre aqueles engajados no fim do tráfico e no movimento contra a escravidão da primeira metade do século XIX. Um caso de particular interesse para análise é a recepção de seus trabalhos no Brasil, frente ao momento de fim do tráfico negreiro no país, e a concomitância com a chegada da grande epidemia de febre amarela.

  12. COMPOSITION AND OCCURRENCE OF THE GRANDISPORA MACULOSA ZONAL ASSEMBLAGE (MISSISSIPPIAN IN THE SUBSURFACE OF THE CARNARVON BASIN AND THE COOLCALALAYA SUB-BASIN OF WESTERN AUSTRALIA, AND ITS GONDWANAN DISTRIBUTION

    GEOFFREY PLAYFORD

    2017-04-01

    Full Text Available The Grandispora maculosa miospore assemblage – initially described in 1968 from Middle-Late Mississippian strata of New South Wales (eastern Australia – is well represented in samples examined herein from 10 Western Australian subsurface sections located in the northern Perth Basin (Coolcalalaya Sub-basin and, to its immediate north, in several sub-basins of the southern and northern sectors of the Carnarvon Basin. Of particular stratigraphic-correlative importance is the presence of the eponymous G. maculosa together with, inter alia, Reticulatisporites magnidictyus, Verrucosisporites quasigobbettii, V. gregatus, Apiculiretusispora tersa, Raistrickia accinta, R. radiosa, Foveosporites pellucidus, and Cordylosporites asperidictyus. Four species are newly described herein: Apiculatasporites spiculatus, Dibolisporites sejunctus, Raistrickia corymbiata, and Vallatisporites valentulus. Published accounts from elsewhere in Gondwana collectively signify the widespread dissemination of the G. maculosa palynoflora, particularly through northern and western regions of the supercontinent, thus affording an effective means of intra-Gondwanan stratal correlation. Limited absolute dating and stratigraphic-successional considerations across Gondwana indicate that the age of the G. maculosa Assemblage can be bracketed within the middle Visean-early Serpukhovian of the Middle-Late Mississippian. This age is supported by the complete absence of bilaterally symmetrical, non-striate, saccate pollen grains, produced by walchian conifers, which were introduced globally (including in Australia and near-synchronously late in the Serpukhovian. Cryptogamic land plants (ferns, articulates, lycophytes are the inferred source of the palynoflora.

  13. Establishment and partial characterization of a cell line from burbot Lota lota maculosa: susceptibility to IHNV, IPNV and VHSV.

    Polinski, Mark P; Drennan, John D; Batts, William N; Ireland, Susan C; Cain, Kenneth D

    2010-05-18

    This study describes the development and partial characterization of a continuous fibroblastic-like cell line (BEF-1) developed from late stage embryos of North American burbot Lota lota maculosa. This cell line has been maintained for over 5 yr and 100 passages in vitro. Cells were cultured using Eagle's minimum essential medium with Earle's salts (MEM) supplemented with GlutaMAX, and 10% fetal bovine serum (FBS), pH 7.4. The addition of penicillin-streptomycin-neomycin (PSN) antibiotic mixture (0.05, 0.05, 0.1 mg m(-1), respectively) did not negatively influence cell replication; however, the antimycotic FungizoneTM (2.5 microg m(-1), amphotericin B) caused cell rounding and resulted in a severe decrease in cell proliferation. Optimal incubation temperature has been observed between 15 and 23 degrees C, and at these temperatures cultures are routinely passed using standard trypsinization methods every 5 to 7 d at a split ratio of 1:3 or 1:4. The cell line was susceptible to isolates of the M and U North American genotypes of infectious hematopoietic necrosis virus (IHNV), and to isolates of genotypes I, IVa, and IVb of viral hemorrhagic septicemia virus (VHSV). In contrast, the cell line was refractory to infection by 2 North American isolates of infectious pancreatic necrosis virus (IPNV) from serotypes A1 and A9. This cell line provides a new laboratory tool, will allow further investigation into viral diseases of burbot and possibly other species, and is the first immortalized cell line reported from a species in the Gadidae (cod) family.

  14. Establishment and partial characterization of a cell line from burbot Lota lota maculosa: susceptibility to IHNV, IPNV and VHSV.

    Batts, William N.; Polinski, Mark P.; Drennan, John D.; Ireland, Susan C.; Cain, Kenneth D.

    2010-01-01

    This study describes the development and partial characterization of a continuous fibroblastic-like cell line (BEF-1) developed from late stage embryos of North American burbot Lota lota maculosa. This cell line has been maintained for over 5 yr and 100 passages in vitro. Cells were cultured using Eagle’s minimum essential medium with Earle’s salts (MEM) supplemented with GlutaMAX™, and 10% fetal bovine serum (FBS), pH 7.4. The addition of penicillin-streptomycin-neomycin (PSN) antibiotic mixture (0.05, 0.05, 0.1 mg ml–1, respectively) did not negatively influence cell replication; however, the antimycotic Fungizone™ (2.5 µg ml–1, amphotericin B) caused cell rounding and resulted in a severe decrease in cell proliferation. Optimal incubation temperature has been observed between 15 and 23°C, and at these temperatures cultures are routinely passed using standard trypsinization methods every 5 to 7 d at a split ratio of 1:3 or 1:4. The cell line was susceptible to isolates of the M and U North American genotypes of infectious hematopoietic necrosis virus (IHNV), and to isolates of genotypes I, IVa, and IVb of viral hemorrhagic septicemia virus (VHSV). In contrast, the cell line was refractory to infection by 2 North American isolates of infectious pancreatic necrosis virus (IPNV) from serotypes A1 and A9. This cell line provides a new laboratory tool, will allow further investigation into viral diseases of burbot and possibly other species, and is the first immortalized cell line reported from a species in the Gadidae (cod) family.

  15. A cidade e a morte: a febre amarela e seu impacto sobre os costumes fúnebres no Rio de Janeiro (1849-50

    Rodrigues Cláudia

    1999-01-01

    Full Text Available O objetivo deste artigo é analisar o impacto da epidemia de febre amarela ocorrida no verão de 1849-50, na cidade do Rio de Janeiro, sobre os costumes fúnebres. Procura-se estudar em que sentido o alto índice de mortalidade, causado pelo surto, tornou-se o elemento catalisador de transformações nas atitudes da população em relação à morte e aos mortos. A hipótese central é a de que a epidemia teria representado o argumento final de que os médicos precisavam para convencer o governo imperial e a população da necessidade da implementação de seu projeto medicalizador da morte, cujo objetivo era normatizar os costumes fúnebres.

  16. A facile FeBr3 based photoATRP for surface modification of mesoporous silica nanoparticles for controlled delivery cisplatin

    Huang, Long; Liu, Meiying; Mao, Liucheng; Huang, Qiang; Huang, Hongye; Zeng, Guangjian; Tian, Jianwen; Wen, Yuanqing; Zhang, Xiaoyong; Wei, Yen

    2018-03-01

    Mesoporous silica nanoparticles (MSNs) should be one of the most important materials for biomedical application owing to their high specific surface area, regular porous structure, adjustable pore size and chemical inert. However, the biomedical applications of unmodified MSNs are largely impeded for their poor hydrophilicity and lack of functional groups. In this work, a novel photo-initiated atom transfer radical polymerization (ATRP) strategy has been reported for modified mesoporous silica nanoparticles (MSNs) with hydrophilicility copolymers using FeBr3 as the novel photocatalyst and itaconic acid (IA) and 2-methacryloyloxyethyl phosphorylcholine (MPC) as monomers. Because of the hydrophilicity and anticancer agent cis-dichlorodiamineplatinum(II) (CDDP) loading capacity of poly(MPC-co-IA), the controlled drug delivery applications MSNs-NH2-poly(MPC-co-IA) composites toward CDDP were further investigated. A series of characterization results demonstrated that MSNs-NH2-poly(MPC-co-IA) composites can be successfully fabricated through the novel photo-initiated ATRP. MSNs-NH2-poly(MPC-co-IA) composites showed obvious enhancement of water dispersibility, desirable biocompatibility, high drug loading capability, making them great potential for controlled drug delivery of CDDP. Moreover, as compared with the traditional ATRP, that using the transition metal ions and organic ligands as the catalysis systems in elevated temperature, our method provides a more facile, benign and cost-effective route for fabrication of multifunctional MSNs with great potential for biomedical applications. Finally, this FeBr3 based photoATRP strategy should be further extended for the fabrication of many other polymeric composites owing to its good monomer adoptability.

  17. A new look at the holotype and type locality of Setopagis maculosa (Todd, 1920) Aves: Caprimulgidae), with remarks on its systematic relationships.

    Costa, Thiago V V; Ingels, Johan; Cavarzere, Vagner; Silveira, Luís Fábio

    2015-08-12

    Setopagis maculosa (Todd, 1920) (Aves: Caprimulgidae) was described based on a single male specimen collected by Samuel Milton Klages in French Guiana, northeastern South America. Since then, no new specimens have been collected nor have any reliable records been made, and the validity of the species has been questioned. A detailed analysis of the holotype reveals that it has unique and distinctive morphological traits that support the validity and taxonomic status of the species, which is provisionally placed in Setopagis. We present new information on the type locality at the time of its collection, which may shed some light on the habitat preferences of the species, and we provide details on its plumage that have been largely overlooked and that will be important for future field identification.

  18. Anticorpos anti-rickettsias do grupo da febre maculosa em equídeos e caninos no norte do Estado do Paraná, Brasil Anti rickettsia-antibody for spotted fever group in horses and dogs in the North of Paraná Stated, Brazil

    F.H. Otomura

    2010-06-01

    Full Text Available The Brazilian Spotted Fever (BSF is a zoonosis that can be fatal if not trteated. As there are few studies of the BSF in the Paraná State, the occurrence of BSF was serologically investigated in dogs and horses by indirect immunofluorescence assay (IFA, in the North of that State, in animals that are regarded as sentinels for BSF. A total of 241 samples of sera of equine, four of asinine, and 29 of dogs were collected in nine farms of three municipalities in the North of Paraná: Arapongas, Douradina, and Umuarama. From fifteen samples of equine serum with positive titres for RIFI, eight (53.3 % had titre of 64 against R. rickettsii, two (13.3 % 128 against R. rickettsii, and five (33.3 % were reactants for R. parkeri and R. rickettsii, with titres ranging from 64 to 2048, and 128 to 1024, respectively. The results showed that domestic animals, sentinels for BSF, are under low exposition to ticks infected with spotted fever group Rickettsia, indicating low risk of human infection by these agents in the studied area.

  19. Isolamento e regeneração de protoplastos de Magnaporthe grisea Isolation and regeneration of Magnaporthe grisea protoplasts

    Carlos Eduardo Marchi

    2006-09-01

    Full Text Available Protoplastos são ferramentas biológicas importantes para pesquisas em fungos filamentosos, sendo empregados intensamente em transformação genética. O isolamento de protoplastos de Magnaporthe grisea foi facilitado com Novozym 234, contudo, este complexo enzimático encontra-se indisponível no mercado. Assim, objetivou-se comparar a eficiência de enzimas líticas disponíveis comercialmente na obtenção de protoplastos de M. grisea. Paralelamente, analisaram-se estabilizadores osmóticos, tempos de digestão e freqüência de regeneração. Maior produção de protoplastos foi obtida com o uso simultâneo de Lysing Enzymes e Cellulase Onozuka R-10. O uso de 10 ou 15 mg de cada complexo enzimático, em 3 mL de estabilizador osmótico, resultou em maior liberação de protoplastos. O melhor estabilizador osmótico foi MgSO4 1,2 M / NaH2PO4 0,01 M, pH 5,8, seguido por MgSO4 0,8 M / NaH2PO4 0,01 M, pH 5,8. O isolamento de protoplastos foi monitorado a cada 60 minutos, atingindo o máximo após incubação por 3 a 6 horas. No entanto, maior freqüência de regeneração (19,4% foi registrada para protoplastos obtidos após 3 horas de hidrólise enzimática.Protoplasts are important biological tools in filamentous fungi research. Fungal protoplasts have been extensively used in experiments with genetic transformation. Protoplastization of Magnaporthe grisea was accomplished with Novozym 234, however, this enzymatic complex is no commercially available for purchase. Thus, the efficiency of several other commercial enzymes in M. grisea protoplasts preparation was investigated. At the same time, osmotic buffer, digestion time and regeneration rate were also analyzed. The highest protoplasts production was obtained with Lysing Enzymes plus Cellulase Onozuka R-10. The use of 10 or 15 mg of each enzymatic complex in 3 mL of osmotic buffer was most effective for the protoplasts yields. The best osmotic buffer was MgSO4 1.2 M / NaH2PO4 0.01 M, pH 5

  20. Estudo fitoquimico de Deguelia hatschbachii A. M. G. Azevedo, isolamento, determinação estrutural, analise por CLAE e testes biologicos

    Valeria Regina de Souza Moraes

    2000-01-01

    Resumo: O estudo fitoquímico do extrato diclorometânico das raízes de Deguelia hatschbachii permitiu o isolamento de dez flavonóides, dos quais escandenina (1), ácido robústico (2), robustato de metila (3), 4',5-diidroxi-6-(3,3-dimetilalila)-7-metoxi flavanona (4), lupinifolina (5), osajina (6) e escandinona (7) correspondem aos sete que já foram anteriormente isolados de outras fontes, três inéditos 3- (4'-hidroxifenil) -5- metoxi-6- (3,3-dimetilalila)-2",2"-dimetilcromeno -(5",6":8,7)-3-(pr...

  1. Isolamento de microssatélites de espécies madeireiras no contexto da sustentabilidade genética no manejo florestal

    VINSON, Christina Cleo

    2004-01-01

    Aborda isolamento de microssatélites de espécies madeireiras no contexto da sustentabilidade genética no manejo florestal com o objetivo de isolar e caracterizar uma bateria de marcadores microssatélites para espécies arbóreas da Floresta Amazônica: Jacaranda copaia, Bagassa guianensis e Dipteryx odorata. Estes estudos vem sendo realizados como parte do projeto Dendrogene, e as análises genéticas populacionais posteriores fornecerão subsídios para conservação e manejo sustentável destas espéc...

  2. Febre amarela: reflexões sobre a doença, as perspectivas para o século XXI e o risco da reurbanização

    Vasconcelos,Pedro Fernando da Costa

    2002-01-01

    Neste artigo é realizada revisão dos principais aspectos fisiopatológicos, clínicos, epidemiológicos e laboratoriais da febre amarela no Brasil, e também se abordam as linhas gerais do tratamento da doença. São ainda analisados e discutidos os mais recentes surtos e epidemias de febre amarela ocorridos no Brasil, bem como as suas causas e as conseqüências de eventual reurbanização da doença no país, risco que cresce a cada ano à medida que crescem os índices de infestação de Aedes aegypti e a...

  3. Suspeita de febre familiar dos cães Shar-peis chineses Suspected familiar chinese Shar-pei dog fever

    Marcia Regina da Silva Ilha

    2005-06-01

    Full Text Available A febre (síndrome familiar dos cães Shar-peis Chineses é uma doença hereditária autossômica recessiva. Este trabalho descreve um caso de amiloidose generalizada em um cão Shar-pei Chinês, fêmea, de três anos de idade, cujo quadro clínico-patológico é consistente com o da febre familiar dos cães Shar-peis chineses. Esse animal tinha uma história clínica de edema bilateral recidivante na região do jarrete que vinha sendo observado desde os sete meses de idade. Três dias antes da morte, esse cão apresentou anorexia, apatia, vômito e diarréia. À necropsia, ambos os rins estavam firmes, pálidos e possuíam a superfície capsular irregular. Histologicamente foram observados depósitos de amilóide nos rins, no pâncreas, na tireóide e no baço. Esse amilóide perdeu sua afinidade para o vermelho Congo, quando utilizado o permanganato de potássio. Esse achado é consistente com amiloidose do tipo AA.Chinese Shar-pei familial fever is a breed-associated hereditary autosomal recessive disease of Chinese Shar-pei dogs. A case of generalized amyloidosis in a 3-year-old female Chinese Shar-pei dog with a tentative diagnosis of familial Chinese Shar-pei fever is described. This animal had a clinical history of episodic bilateral swelling of the tarsal joints since 7-month-old. Vomiting, diarrhea, anorexia and lethargy were observed 3 days prior to death. At necropsy, both kidneys were firm, whitish and had an irregular capsular surface. Microscopically, amyloid deposits were observed in the kidneys, pancreas, thyroid glands and spleen. Amyloid deposits lost their affinity for Congo red after treatment with potassium permanganate indicating AA-type amyloidosis.

  4. Isolamento e cultivo de neurônios e neuroesferas de córtex cerebral aviar

    Carla Rossini Crepaldi

    2013-12-01

    Full Text Available Métodos de cultivo celular são convenientes na realização de análises funcionais de alterações/interações protéicas das células neuronais, auxiliando a decifrar o interactoma de proteínas chaves na neurogênese de doenças do Sistema Nervoso Central. Por esse motivo, culturas de neurônios e neuroesferas isolados do córtex cerebral aviar representam um modelo acessível para o estudo de diversas doenças neurológicas, tal como a epilepsia. A espécie aviar apresenta peculiaridades em seu proteoma neuronal, visto a presença de uma expressão diferenciada de proteínas chaves no metabolismo energético cerebral, algumas destas (VDAC1 e VDAC2 desempenham papel importante na compreensão do mecanismo da epilepsia refratária. A metodologia estabelecida no presente estudo obteve cultivo de neuroeferas, onde as células cresceram tipicamente em aglomerados atingindo, dentro de 7 dias, o diâmetro ideal de 100-200 µm. A diferenciação celular das neuroesferas foi obtida após a aderência destas às placas tratadas com poli-D-lisina, evidenciada pela migração de fibras do interior da neuroesfera. Ao contrário das neuroesferas, os neurônios em cultivo extenderam seus neuritos após 11 dias de isolamento. Tal modelo in vitro pode ser utilizado com sucesso na identificação das variáveis neuroproteômicas, propiciando uma avaliação global das alterações dinâmicas e suas interações protéicas. Tal modelo pode ter aplicações em estudos dos efeitos de indutores da morte celular e bloqueadores de canais de membrana mitocondriais em proteínas chaves do metabolismo energético cerebral.

  5. Vírus da artrite encefalite caprina: isolamento e caracterização de parte do gene gag

    P.P. Lima

    2004-04-01

    Full Text Available Amostras de sangue de 12 animais soropositivos pelo teste de imunodifusão em gel de agarose e que não apresentavam sinais clínicos sugestivos de infecção pelo vírus da artrite-encefalite caprina (CAEV foram coletadas para isolamento viral. Mácrofagos derivados de monócitos foram co-cultivados com células de membrana sinovial caprina (MSC, resultando em cinco amostras que apresentaram efeito citopático característico do tipo persistente, semelhante ao observado para o CAEV. Uma técnica de reação em cadeia de polimerase (PCR foi padronizada para amplificar parte do gene gag do genoma pró-viral, codificante para a proteína do capsídeo viral (p25. As cinco amostras foram amplificadas pela PCR e três delas, BR-UFMG/PL1, BR-UFMG/PL2 e BR-UFMG/PL3, foram seqüenciadas diretamente dos seus produtos de PCR. O alinhamento múltiplo das seqüências obtidas com outras de lentivírus de pequenos ruminantes (LVPR, obtidas no GenBank, e o dendrograma revelaram que as novas amostras de CAEV são únicas e distintas das demais amostras de LVPR, possuindo maior identidade de nucleotídeos e aminoácidos entre si e com as amostras de CAEV do que com a do vírus maedi-visna.Blood samples from 12 seropositive animals by agar gel immunodifusion test (AGID showing no evident clinical signs of disease were taken to attempt caprine arthritis-encephalitis virus (CAEV isolation. Monocyte-derived macrophages were co-cultured with goat synovial membrane cells (GSM resulting in five virus isolations, which presented cytophatic effects of the persistent type, resembling those observed for CAEV. A polymerase chain reaction (PCR assay was designed to amplify a portion of the gag proviral gene coding for the major core protein (p25. All of the five isolates were amplified by this PCR and three of them named BR-UFMG/PL1, BR-UFMG/PL2 and BR-UFMG/PL3, were sequenced directly from their PCR products. Multiple sequence analysis and a dendrogram including other

  6. A febre amarela na região de Ribeirão Preto durante a virada do século XIX: importância científica e repercussões econômicas

    Luiz Tadeu Moraes Figueiredo

    1996-02-01

    Full Text Available Nesta revisão histórica, descreve-se a situação precária da saúde pública no Brasil durante o século XIX devido as múltiplas epidemias de febre amarela. Descreve-se, também, os precários conhecimentos que haviam, à época, sobre a enfermidade. Faz- se um breve histórico sobre a Região de Ribeirão Preto, situada no Nordeste do Estado de São Paulo, seus desbravadores, imigrantes e fazendeiros de café pioneiros, incluindo-se Luiz Pereira Barreto. Relatam-se as 3 epidemias de febre amarela ocorridas na cidade de São Simão, nos anos de 1896. 1898, 1902 e uma ocorrida em Ribeirão Preto, no ano de 1903. Mostra-se que as medidas de saúde pública tomadas para o controle dos surtos mostraram-se eficientes quando Emílio Ribas promoveu, de forma pioneira, o combate ao mosquito transmissor, o Aedes aegypti. Descrevem-se os experimentos efetuados por Emílio Ribas, com a participação de Adolpho Lutz e de Luiz Pereira Barreto, visando confirmar a transmissão vetorial da febre amarela e afastar outras formas de contágio. Obseva-se que as epidemias de febre amarela causaram prejuízo ao desenvolvimento da Cidade de São Simão, colaborando para a transferência do polo econômico regional para Ribeirão Preto. Ressalta-se a importância das medidas de controle vetorial e a dos experimentos sobre o mecanismo de transmissão da febre amarela, no desenvolvimento da ciência médica, e da saúde pública no Brasil.

  7. Da transmissão hídrica a culicidiana: a febre amarela na sociedade de medicina e cirurgia de São Paulo

    Luiz Antônio Teixeira

    2001-01-01

    Full Text Available Este artigo trata das discussões sobre as formas de propagação da febre amarela ocorrida entre os anos de 1896 e 1900, na Sociedade de Medicina e Cirurgia de São Paulo, concentrando-se na figura do importante médico da época, Luis Pereira Barreto. Discutimos os principais argumentos defendidos pelos esculápios envolvidos nas controvérsias e mostra a contribuição da Sociedade no processo de aceitação da teoria de transmissão culicidiana da doença no Brasil.This paper deals with the discussions about the ways of yellow fever transmission that took place between the years of 1896 and 1900 in the Sociedade de Medicina e Cirurgia de São Paulo, and centers around the figure of one of the most important physicians of the period, Luis Pereira Barreto. It discusses the main arguments defended by the physicians involved in the controversies and shows the contribution of that society in the process of the acceptance of the theory of culicidean transmission of the disease in Brazil.

  8. Pitiríase versicolor circinada: isolamento de Malassezia sympodialis - Relato de caso Pityriasis versicolor circinata: isolation of Malassezia sympodialis - Case report

    Valéria Maria de Souza Framil

    2010-04-01

    Full Text Available Os autores descrevem caso de pitiríase versicolor circinada, cujo agente etiológico isolado foi Malassezia sympodialis em uma mulher de 34 anos. O isolamento e identificação da Malassezia sympodialis foi em ágar Dixon modificado e o método molecular para confirmação da espécie foi PCR-RFLP (polymerase chain reaction and restriction fragment length polymorphism analysis.The authors report a case of pityriasis versicolor circinata whose isolated etiologic agent was Malassezia sympodialis in a 34-year-old woman. The isolation and identification of Malassezia sympodialis were accomplished with modified Dixon's agar, and the molecular method used to confirm the species was polymerase chain reaction and restriction fragment length polymorphism analysis (PCR-RFLP.

  9. Razão de sexo e considerações sobre o sistema de acasalamento em Nothura maculosa (Temminck, 1815 (Aves, Tinamidae

    João Aldair Menegheti

    1988-01-01

    Full Text Available In the presente study on the mating of Nothura maculosa (Temminck, 1815 the tertiary and quaternary sex ratios were joined together The sex ratio was 1:1 or when deviated, favouring females When such deviations occur, they are probably due to quaternary sex ratio The inversion of sexual rôles could be responsible for the larger number of females, since males are more exposed to mortality risks The mating system in the Tinamidae is simultaneous poliginy for the male and sequential poliandry for the female, Emlen & Oring, 1977 Such complexity in the mating system results in a greater share among all individuals in the reproduction effort in relation to poliginy The sexual inativity of males for at least around 24 days after the begining of incubation, allows new males to participate in the reproductive effort The assumption that some of the females wuld be excluded from the reproductive effort when sex ratio is deviated in their favour, probably can not be held as true Bump & Bump, 1969, reported that 95% of the eggs examined (114 eggs, were fertile There are reasons to believe that neariy all females will successfully copulate under these circunstances

  10. Comparative study of the digestive system of three species of tinamou. I. Crypturellus tataupa, Nothoprocta cinerascens, and Nothura maculosa (Aves: tinamidae).

    Chikilian, M; De Speroni, N B

    1996-04-01

    The morphology and histology, as well as the cytochemistry of complex carbohydrates, of the digestive system of Crypturellus tataupa (tataupa tinamou), Nothoprocta cinerascens (brushland tinamou), and Nothura maculosa (spotted tinamou) are described. The general morphology of the digestive system of these birds follows the basic model of the avian alimentary canal, although statistical analysis shows that the lengths of the organs are significantly different among the species. From cephalic to caudal regions the alimentary tract consists of esophagus, ingluvies or crop, proventriculus or glandular stomach, ventriculus or muscular stomach, small intestine, well-developed ceca, and rectum. Histologically, each section of the tract consists of four primary tissue layers: mucosa, submucosa, muscularis, and adventitia. Variations are found in the thickness of the esophageal epithelium, which shows the highest value in C. tataupa. In the proventriculus, the depth of the compound glands is greatest in N. cinerascens. The villi of the epithelial cells in the small intestine are most extensively developed in C. tataupa. Heterogeneity of mucins is detected not only in the surface coat of the alimentary tract but in the cellular content of the glands as well. Comparisons with the morphology of the digestive system of closely related and more advanced birds are made, and the possible relationship between morphological and cytochemical variation and the diet is discussed.

  11. Uso de agregado leve de EVA em contrapiso argamassado para isolamento ao ruído de impacto em edificações residenciais

    Bernardo Fonseca Tutikian

    Full Text Available Resumo O copolímero etileno acetato de vinila (EVA é largamente utilizado na indústria calçadista. Entretanto, a geração de resíduos no processo de fabricação é bastante significativa. Com a implementação da norma de desempenho, NBR 15575, os projetos de construções habitacionais devem atender aos níveis de desempenho exigidos. Dentre os requisitos prescritos pela norma está a isolação ao ruído de impacto entre pisos, a qual pode ser otimizada com a utilização de materiais de baixa massa específica. Nesse contexto, este artigo visa desenvolver uma argamassa leve, a partir da incorporação de EVA proveniente da indústria calçadista, a ser utilizada como contrapiso para isolamento acústico. Para tanto, fez-se um estudo por meio de ensaios de resistência à compressão e à tração, bem como nível de pressão sonora de impacto padronizado ponderado, realizado em câmara normatizada. Foram desenvolvidos cinco traços, com proporções de 20%, 40%, 60%, 80% e 100% de substituição da agregado miúdo por EVA, além do contrapiso convencional. Foram moldadas placas de 1 m2 de contrapiso leve, e uma amostra representativa do tamanho da laje com 16 m2, as quais diferiram em 2 dB para o isolamento acústico. O traço com melhor desempenho proporcionou uma redução de 9 dB em relação ao contrapiso convencional, mostrando ser eficaz para utilização como isolante acústico.

  12. Dengue and the risk of urban yellow fever reintroduction in São Paulo State, Brazil Dengue e risco da reintrodução da febre amarela urbana no Estado de São Paulo

    Eduardo Massad

    2003-08-01

    Full Text Available OBJECTIVE: To propose a mathematical method for the estimation of the Basic Reproduction Number, R0, of urban yellow fever in a dengue-infested area. METHODS: The method is based on the assumption that, as the same vector (Aedes aegypti causes both infections, all the quantities related to the mosquito, estimated from the initial phase of dengue epidemic, could be applied to yellow fever dynamics. It is demonstrated that R0 for yellow fever is, on average, 43% lower than that for dengue. This difference is due to the longer dengue viremia and its shorter extrinsic incubation period. RESULTS: In this study the analysis was expanded to the epidemiological situation of dengue in São Paulo in the year 2001. The total number of dengue cases increased from 3,582 in 2000 to 51,348 in 2001. It was then calculated R0 for yellow fever for every city which have shown R0 of dengue greater than 1. It was also estimated the total number of unprotected people living in highly risky areas for urban yellow fever. CONCLUSIONS: Currently there is a great number of non-vaccinated people living in Aedes aegypti infested area in the state of São Paulo.OBJETIVO: Propor um modelo matemático para a estimativa da reprodutibilidade basal, R0, para a febre amarela urbana em uma área infestada pela dengue. MÉTODOS: O método utilizado considera que, como ambas as doenças são transmitidas pelo mesmo vetor (Aedes aegypti, poder-se-ia aplicar todos os parâmetros quantitativos relativos ao mosquito, estimados pela fase inicial da curva de crescimento de casos de dengue, à dinâmica da febre amarela. Demonstra-se que o R0 da febre amarela é em média 43% menor que o da dengue. Esta diferença deve-se à viremia mais prolongada da dengue, bem como ao menor período de incubação extrínseco daquele vírus no mosquito. RESULTADOS: Apresenta-se a aplicação desta análise matemática à situação epidemiológica da dengue no estado de São Paulo, para o ano de 2001

  13. Antiescravismo e epidemia: "O tráfico dos negros considerado como a causa da febre amarela", de Mathieu François Maxime Audouard, e o Rio de Janeiro em 1850 Antislavery and epidemic Mathieu François Maxime Audouard's "O tráfico dos negros considerado como a causa da febre amarela" and the city of Rio de Janeiro in 1850

    Kaori Kodama

    2009-06-01

    Full Text Available O artigo "O tráfico dos negros considerado como a causa da febre amarela", de Mathieu François Maxime Audouard (1776-1856, foi publicado em 1850 no jornal O Philantropo, periódico de propaganda contra o tráfico que circulou no Rio de Janeiro entre 1849 e 1852, e contava com diversos médicos entre seus membros. O texto, traduzido do original do médico francês e publicado no contexto da epidemia de febre amarela na cidade, oferece elementos para refletir sobre a atuação dos médicos brasileiros na questão da escravidão, no momento em que era promulgada a cessação do tráfico no país.The article "O tráfico de negros considerado como a causa da febre amarela" [The Negro slave trade considered as the cause of yellow fever] , by French physician Mathieu François Maxime Audouard (1776-1856, was published in 1850 in the newspaper O Philantropo, an organ of anti-slave trade propaganda that circulated in Rio de Janeiro from 1849 to 1852, with a number of physicians as members. Translated from the original and published during the yellow fever epidemic that hit Rio de Janeiro, the text affords an opportunity to reflect on the positions about slavery that were held by Brazilian physicians at the time the law against the slave trade was promulgated in Brazil.

  14. Diretrizes de conduta e tratamento de síndromes febris periódicas associadas a febre familiar do Mediterrâneo

    Maria Teresa R.A. Terreri

    2016-02-01

    Full Text Available Resumo Objetivo: Estabelecer diretrizes baseadas em evidências científicas para manejo da febre familiar do Mediterrâneo (FFM. Descrição do método de coleta de evidência: A diretriz foi elaborada a partir de 5 questões clínicas que foram estruturadas por meio do PICO (Paciente, Intervenção ou Indicador, Comparação e Outcome, com busca nas principais bases primárias de informação científica. Após definir os estudos potenciais para sustento das recomendações, esses foram graduados pela força da evidência e pelo grau de recomendação. Resultados: Foram recuperados, e avaliados pelo título e resumo, 10.341 trabalhos e selecionados 46 artigos para sustentar as recomendações. Recomendações: 1. O diagnóstico da FFM é baseado nas manifestações clínicas, caracterizadas por episódios febris recorrentes associados a dor abdominal, torácica ou artrite de grandes articulações; 2. A FFM é uma doença genética que apresenta traço autossômico recessivo ocasionada por mutação no gene MEFV; 3. Exames laboratoriais são inespecíficos e demonstram níveis séricos elevados de proteínas inflamatórias na fase aguda da doença, mas também, com frequência, níveis elevados mesmo entre os ataques. Níveis séricos de SAA podem ser especialmente úteis no monitoramento da eficácia do tratamento; 4. A colchicina é a terapia de escolha e demonstrou eficácia na prevenção dos episódios inflamatórios agudos e progressão para amiloidose em adultos; 5. Com base na informação disponível, o uso de medicamentos biológicos parece ser opção para pacientes com FFM que não respondem ou que são intolerantes à terapia com colchicina.

  15. Estado imune contra o vírus vacinal (17D da febre amarela em duas populações do Estado da Bahia

    Santos-Torres Sandro

    2000-01-01

    Full Text Available A ocorrência de casos de febre amarela (FA e a ampla distribuição do A. aegypti no Brasil, motivou o estudo da estimativa da proteção imune contra o vírus amarílico vacinal (17D em moradores de duas cidades do Estado da Bahia, Ipupiara (n = 461 e Prado (n = 228. Nesta área não-endêmica de FA, a pesquisa de anticorpos séricos contra o 17D (Ac17D e contra 18 outros arbovírus, foi realizada pelo método da inibição da hemaglutinação (IH. Somente 1,2% (8/689 dos indivíduos apresentaram Ac17D, sendo seis com resposta monotípica. A resposta sorológica do tipo heterotípica para Flavivírus (FLV foi interpretada também como associada à resposta imune ao 17D, sendo mais freqüente em Prado (30,3% do que em Ipupiara (23,2%. A idade > ou = 50 anos e moradia em outros Estados foram associadas com a soropositividade para FLV, do mesmo modo que a história de vacinação (17D. Mas, a história de vacinação apresentou baixos percentuais de sensibilidade (£ 45,4% e de valor preditivo-positivo ( ou = 70,8% e do valor preditivo-negativo ( > ou = 78,8%. Em conclusão, foi baixa a freqüência (1,2% de moradores com Ac17D, apesar da freqüência maior (25,5% de portadores de anticorpos FLV, o que significa que 26,7% da população estudada pode apresentar proteção contra o vírus da FA.

  16. A febre amarela na região de Ribeirão Preto durante a virada do século XIX: importância científica e repercussões econômicas

    Luiz Tadeu Moraes Figueiredo

    1996-02-01

    Full Text Available Nesta revisão histórica, descreve-se a situação precária da saúde pública no Brasil durante o século XIX devido as múltiplas epidemias de febre amarela. Descreve-se, também, os precários conhecimentos que haviam, à época, sobre a enfermidade. Faz- se um breve histórico sobre a Região de Ribeirão Preto, situada no Nordeste do Estado de São Paulo, seus desbravadores, imigrantes e fazendeiros de café pioneiros, incluindo-se Luiz Pereira Barreto. Relatam-se as 3 epidemias de febre amarela ocorridas na cidade de São Simão, nos anos de 1896. 1898, 1902 e uma ocorrida em Ribeirão Preto, no ano de 1903. Mostra-se que as medidas de saúde pública tomadas para o controle dos surtos mostraram-se eficientes quando Emílio Ribas promoveu, de forma pioneira, o combate ao mosquito transmissor, o Aedes aegypti. Descrevem-se os experimentos efetuados por Emílio Ribas, com a participação de Adolpho Lutz e de Luiz Pereira Barreto, visando confirmar a transmissão vetorial da febre amarela e afastar outras formas de contágio. Obseva-se que as epidemias de febre amarela causaram prejuízo ao desenvolvimento da Cidade de São Simão, colaborando para a transferência do polo econômico regional para Ribeirão Preto. Ressalta-se a importância das medidas de controle vetorial e a dos experimentos sobre o mecanismo de transmissão da febre amarela, no desenvolvimento da ciência médica, e da saúde pública no Brasil.Yellow fever in the Region of Ribeirão Preto at the turn of XIX century: scientific importance and economic repercussion. This historical review describes the bad situation of public health in Brazil during the XIX Century caused by multiple yellow fever outbreaks. The knowledge regarding to yellow fever at that time is also described. A short history is presented of the development of the Region of Ribeirão Preto, located in the Northeast of Sao Paulo State, Brazil, emphasising the actuation of immigrants and pioneer coffee

  17. Qualidade de vida de crianças e adolescentes portadores de febre reumática Quality of life of children and adolescents with rheumatic fever

    Márcia F. C. Carvalho

    2009-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a qualidade de vida de portadores de febre reumática em acompanhamento ambulatorial em dois hospitais. MÉTODOS: Estudo seccional utilizando o Questionário de Saúde da Criança (Child Health Questionnaire, CHQ aplicado aos pais de 133 pacientes com febre reumática, com idade entre 5 e 18 anos. Foram calculados os escores das diferentes dimensões do questionário e comparados nas categorias de variáveis clínicas e sociodemográficas, utilizando-se teste não paramétrico. RESULTADOS: A idade dos pacientes variou de 5 a 18 anos, com média de 12 e desvio padrão de 2,8. A forma de apresentação mais comum da doença foi a articular associada à cardíaca, presente em 74 casos (56,1%. A maioria das famílias pertencia à classe média baixa/pobre. Os seguintes parâmetros do questionário tiveram melhor performance: função física; atividade física social; aspectos sociais, emocionais e comportamentais na vida diária; dor corporal; e atividades familiares. Os itens com pior performance foram: coesão familiar; saúde geral; comportamento global; e impacto emocional nos pais. As meninas apresentaram melhor desempenho para: autoestima; aspectos sociais, emocionais e comportamentais; e saúde geral. A classe social B apresentou melhor performance para: saúde mental; função física; atividade física social; e atividades familiares. A classe social D/E, para dor corporal e aspectos socioemocionais. CONCLUSÕES: A qualidade de vida observada foi semelhante à de outras doenças crônicas estudadas, com resultado da performance nos diferentes parâmetros com valores intermediários, tanto no domínio físico como no domínio psicossocial. A classe social foi a variável que se associou a um maior número de componentes do CHQ.OBJECTIVE: To assess the quality of life of patients with rheumatic fever receiving outpatient treatment at two hospitals. METHODS: Cross-sectional study using the Child Health Questionnaire (CHQ

  18. OTIMIZAÇÃO DA ETAPA DE ISOLAMENTO DOS COMPOSTOS VOLÁTEIS DE MEL PARA ANÁLISE POR CROMATOGRAFIA GASOSA

    Deborah H. M. BASTOS

    2009-07-01

    Full Text Available

    O presente trabalho teve por objetivo desenvolver e detalhar uma metodologia de isolamento de compostos voláteis de mel de laranja, utilizando técnica de concentração do headspace e processo de otimização do tempo de captura e do solvente utilizado por meio de métodos sensoriais e instrumentais. Os voláteis foram capturados em polimero Porapak-Q, com tempos de captura variando entre 2 e 4 horas, utilizando-se acetona e hexano para sua desorção. Uma equipe sensorial treinada, composta por oito julgadores selecionados com base em poder discriminativo, repetibilidade e consenso nos julgamentos, avaliou a intensidade de aroma característico de mel em cada um dos isolados obtidos. Realizou-se análise cromatográfica em cada uma das fiações isoladas e o número de picos obtidos foi computado. Análise de variância univariada (ANOVA dos dados sensoriais indicou a acetona como o melhor solvente para eluição dos compostos capturados no polímero poroso e o tempo de captura de 3 horas suficiente para se obter um isolado, apresentando intensidade moderada de aroma característico de mel. Os dados instrumentais confirmaram os resultados obtidos pela análise sensorial dos isolados.

  19. Uso alternado de antipiréticos para tratamento da febre em crianças: revisão sistemática de ensaios clínicos randomizados

    Gracian Li Pereira

    2012-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Sumarizar as evidências existentes sobre a eficácia da terapia alternada com antipiréticos no manejo da febre em crianças comparada com monoterapia. FONTES DE DADOS: MEDLINE, EMBASE, Cochrane Library, LILACS, SciELO, IBECS, Web of Science, Clinical Trials, Google Scholar e referências dos artigos encontrados. Foram incluídos na revisão ensaios clínicos randomizados, publicados até dezembro de 2011, em que um dos braços fosse terapia alternada com antipiréticos para tratamento de febre em crianças menores de 12 anos, atendidas em nível ambulatorial. A seleção e extração dos dados foram realizadas independentemente por dois revisores. A qualidade dos estudos foi avaliada de acordo com os itens do CONSORT. SÍNTESE DOS DADOS: Os estudos selecionados apresentaram grande heterogeneidade em relação aos participantes, temperatura para diagnóstico de febre, intervenções (doses e intervalos entre doses e desfechos avaliados. Os grupos de tratamento variaram de 38 a 464 crianças. Os estudos compararam paracetamol e ibuprofeno alternados com paracetamol e/ou ibuprofeno. Em apenas um estudo foram utilizadas doses diferentes de 15 mg/kg para paracetamol e 10 mg/kg para ibuprofeno, mas os intervalos entre doses variaram consideravelmente. Em nenhum estudo foi avaliado o uso alternado com dipirona ou ácido acetilsalicílico. De modo geral, os artigos apontaram para uma tendência a menor média de temperatura nos grupos de terapia alternada. Poucos efeitos adversos foram relatados. CONCLUSÃO: Embora haja uma tendência na redução das médias de temperatura com antipiréticos alternados em relação aos antipiréticos isolados, não existe evidência suficiente para afirmar que essa prática é mais eficaz que a monoterapia.

  20. O perfil da antiestreptolisina O no diagnóstico da febre reumática aguda Antistreptolysin O titer profile in acute rheumatic fever diagnosis

    Claudia Saad Magalhães Machado

    2001-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: estabelecer o perfil dos títulos de ASO, mediante o diagnóstico diferencial da FRA com outras afecções que também cursam com níveis elevados de ASO. MÉTODOS: foram estudados 78 casos de FRA na apresentação e seguimento, 22 de coréia isolada, 45 de infecções orofaringeanas recorrentes (IOR e 23 de artrites idiopáticas juvenis (AIJ, com início ou reativação recente. A determinação seqüencial de ASO (UI/ml foi realizada por ensaio nefelométrico automatizado (Behring®-Germany nos períodos de 0-7 dias, 1-2 semanas, 2-4 semanas, 1-2 meses, 2-4 meses, 4-6 meses, 6-12 meses, 1-2 anos, 2-3 anos, 3-4 anos e 4-5 anos após o diagnóstico. RESULTADOS: os títulos de ASO na fase aguda da FRA apresentaram elevação significante até o intervalo de 2- 4 meses (p 960 UI/ml. CONCLUSÃO: esta reavaliação do perfil da ASO indicou uma resposta exuberante na fase aguda da febre reumática indicou ainda que os seus níveis séricos podem diferenciá-la de outras afecções que também cursam com níveis elevados de ASO, como as infecções orofaringeanas recorrentes ou as artrites idiopáticas juvenis em atividade.OBJECTIVE: to determine ASO titer profile by establishing ARF differential diagnoses of other diseases with high levels of ASO antibodies. METHODS: we investigated 78 patients with ARF at onset and follow-up, 22 with isolated chorea at onset, 45 with recurrent oropharyngeal tonsillitis, and 23 with recent flare of juvenile idiopathic arthritis. We tested ASO with automated particle-enhanced immunonephelometric assay (Behring®-Germany. The ASO (IU/ml titers were assessed at the following time intervals: 0-7 days, 1-2 weeks, 2-4 weeks, 1-2 months, 2-4 months, 4-6 months, 6-12 months, 1-2 years, 2-3 years, 3-4 years, and 4-5 years after onset of ARF. RESULTS: ASO titers in patients diagnosed with ARF had a significant increase up to the 2-4-month time interval (P < 0.0001. Baseline levels were observed afterwards in patients

  1. Aedes albopictus em área rural do Brasil e implicações na transmissão de febre amarela silvestre Aedes albopictus in rural zone of Brazil and its implication in the sylvatic yellow fever transmission

    Almério de Castro Gomes

    1999-02-01

    Full Text Available Durante estudos ecológicos sobre mosquitos anofelíneos no município de Bataguassu, Estado de Mato Grosso do Sul, foram encontradas larvas e adultos de Aedes albopictus. Pela primeira vez sua introdução ocorre numa área enzoótica do vírus selvático da febre amarela no Brasil. Isto sugere risco potencial para transferência desse vírus para área urbana infestada com Aedes aegypti.Larvae and adult forms of Aedes albopictus were found during ecological study of anopheline mosquitos in the rural zone of the state of Mato Grosso do Sul in Brazil. This occurrence was registered, for the first time in Brazil, in an enzoootic area if sylvatic yellow fever virus. This implies a potential risk of the transfer of this virus to an urban area infested with Aedes aegypti.

  2. Sobre o isolamento de Salmonellas de gânglios linfáticos de suínos abatidos no matadouro da cidade de Salavador - Bahia

    Gobert Araujo Costa

    1972-01-01

    Full Text Available Numa pesquisa efetuada em gânglios linfáticos de 3.674 suínos, aparentemente normais, e abatidos no Matadouro Municipal de Salvador e no Frigorífico Frimisa, isolaram-se 503 amostras de Salmonellas, sendo 461 ou 91,65% provenientes de gânglios crurais e pré-crurais e 42 culturas restantes, ou sejam 8,35% obtidas de outros gânglios. o estudo das 503 amostras, representando 13,69% de isolamentos no total dos suínos examinados, mostrou a existência de 52 sorotipos diferentes com dominância do grupo sorológico somático E1 em 48,70% das salmonellas seguindo-se o grupo B com 27,43%, C1 com 6,16%, L com 4,97%, C2 com 4,77% e D1 com 3,38%. Em menor percentagem registraram-se os grupos G1, N1, J, E2, e3 e E4.The crural and pré-crural lymph nodes of 3.674 slaughtered pigs at the abattoir of Salvador - Bahia were examined for the presence of Salmonella. Fity hundred and three (503 strains belonging to fity two (52 serotypes were isolated from the pigs in a percentage of 13,69%. The serotypes E1 were most frequently in 48,70%, group E in 27,43% group C1 in 6,16%, group L in 4,97%, C2 in 4,77% and group D1 in 3,37%. Others serotypes were found: G1, N, J, E2, E3 and E. The significance of the pig inhuman salmonellosis is discussed particularly the presence of Salmonella in pré-crural and crural lymph nodes in the carcases of the animal passed fit for human consumption.

  3. Isolation of Arcobacter spp from the milk of dairy cows in Brazil Isolamento de Arcobacter spp do leite de vacas leiteiras no Brasil

    Celso Pianta

    2007-02-01

    Full Text Available Bacteriologic examinations were performed on 188 milk samples collected from cows from 11 farms for diagnosis of mastitis in three cities of Rio Grande do Sul, Brazil. Among the common causes of mastitis, the most frequent isolates were Staphylococcus aureus, followed by Corynebacterium sp, Streptococcus uberis, Streptococcus dysgalactiae and Streptococcus agalactiae. Bacteriologic examination of 32 milk samples from one farm didn't show bacteria known as common etiologic agent of mastitis. Six samples of Arcobacter spp typed by genotypic tests as Arcobacter cryaerophilus (five strains and Arcobacter butzleri (one strain were isolated from cows' milk of that farm. It is reported the isolation of Arcobacter species from the milk of cows in absence of clinical signs of mastitis. This is the first report of the detection of the microorganisms in the milk of dairy cows in Brazil. No previous reports are known from other countries.Foram realizados exames bacteriológicos em 188 amostras de leite colhidas de vacas de 11 propriedades leiteiras para diagnóstico de mastite, em três municípios no Rio Grande do Sul, Brasil. Entre as causas comuns de mastite, os isolados mais freqüentes foram Staphylococcus aureus, seguido de Corynebacterium sp, Streptococcus uberis, Streptococcus dysgalactiae e Streptococcus agalactiae. O exame bacteriológico realizado em 32 amostras de leite de vacas de uma propriedade não demonstrou a presença de bactérias conhecidas como causadoras de mastite. Foram isoladas do leite de vacas desta propriedade seis amostras de Arcobacter spp, classificadas por testes moleculares como Arcobacter cryaerophilus (cinco amostras e Arcobacter butzleri (uma amostra. É relatado o isolamento de espécies de Arcobacter do leite de vacas na ausência de sinais clínicos de mastite. Este é o primeiro relato da detecção dos microorganismos no leite de vacas leiteiras no Brasil.

  4. CARACTERÍSTICAS DA SOLUBILIDADE PROTÉICA E ISOLAMENTO DA GLOBULINA PRINCIPAL DE CAUPÍ (Vigna unguiculata (L. Walp. CULTIVAR BR 14-MULATO

    Valdir Augusto NEVES

    2009-07-01

    Full Text Available

    O objetivo do trabalho foi determinar a composição química, características de solubilidade das proteínas e o isolamento da globulina principal de caupí cultivar BR-14 Mulato. A farinha descorticada apresentou 29,32% de proteína, 3,59% de cinzas, 1,4% de extrato etéreo. A solubilidade das proteínas da farinha mostrou-se dependente das condições de extração, tais como: tipo e concentração de sal, tempo e pH. A extração fracionada e seqüencial das proteínas mostrou que 77,94% da proteína total foi solubilizada, a fração globulina com 41,99% do total, seguido da albumina 10,11% e glutelina 7,81%. A globulina principal isolada e submetida à cromatografia de filtração em gel mostrou um peso molecular de 174 kDa. Apresentou um elevado grau de homogeneidade na eletroforese em gel de poliacrilamida contendo dodecilsulfato de sódio, revelando ser constituída de cerca de 5 subunidades, com predomínio de duas majoritárias na faixa de 40 a 50 kDa e um teor de glícides de 1,10%. PALAVRAS-CHAVE: Caupí BR-14 MULATO; Vigna unguiculata; composição química; solubilidade; fracionamento.

  5. Reactogenicity of yellow fever vaccines in a randomized, placebo-controlled trial Reatogenicidade de vacinas contra febre amarela em estudo randomizado, controlado com placebo

    Luiz Antonio Bastos Camacho

    2005-06-01

    Full Text Available OBJECTIVE: To compare the reactogenicity of three yellow fever (YF vaccines from WHO-17D and Brazilian 17DD substrains (different seed-lots and placebo. METHODS: The study involved 1,087 adults eligible for YF vaccine in Rio de Janeiro, Brazil. Vaccines produced by Bio-Manguinhos, Fiocruz (Rio de Janeiro, Brazil were administered ("day 0" following standardized procedures adapted to allow blinding and blocked randomization of participants to coded vaccine types. Adverse events after immunization were ascertained in an interview and in diary forms filled in by each participant. Liver enzymes were measured on days 0, 4-20 and 30 of the study. Viremia levels were measured on days 4 to 20 of follow-up. The immune response was verified through serologic tests. RESULTS: Participants were mostly young males. The seroconversion rate was above 98% among those seronegative before immunization. Compared to placebo, the excess risk of any local adverse events ranged from 0.9% to 2.5%, whereas for any systemic adverse events it ranged from 3.5% to 7.4% across vaccine groups. The excess risk of events leading to search for medical care or to interruption of work activities ranged from 2% to 4.5%. Viremia was detected in 3%-6% of vaccinees up to 10 days after vaccination. Variations in liver enzyme levels after vaccination were similar in placebo and vaccine recipients. CONCLUSIONS: The frequency of adverse events post-immunization against YF, accounting for the background occurrence of nonspecific signs and symptoms, was shown for the first time to be similar for vaccines from 17D and 17DD substrains. The data also provided evidence against viscerotropism of vaccine virus.OBJETIVO: Comparar a reatogenicidade de três vacinas contra a febre amarela (FA das sub-cepas WHO-17D e 17DD (diferentes lotes-semente, e placebo. MÉTODOS: Foram recrutados 1.087 adultos elegíveis para vacinação contra FA no Rio de Janeiro, RJ, Brasil. Vacinas produzidas por Bio

  6. Febre sem sinais localizatórios: avaliação de um protocolo de atendimento Fever without source: evaluation of a guideline

    Beatriz Marcondes Machado

    2009-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a aplicabilidade de um protocolo de atendimento padronizado para crianças de até 36 meses de idade com febre sem sinais localizatórios (FSSL. MÉTODOS: Estudo de coorte prospectivo em crianças com FSSL atendidas no Pronto-Socorro do Hospital Universitário da Universidade de São Paulo, São Paulo (SP, de junho de 2006 a maio de 2007. O protocolo estratifica o risco de infecção bacteriana grave (IBG de acordo com a presença ou não de toxemia, idade e valor da temperatura. Conforme avaliação de risco, indicava-se triagem laboratorial: hemograma, hemocultura, sedimento urinário, urocultura e, se necessário, radiografia torácica, liquor e coprocultura. RESULTADOS: Foram estudadas 251 crianças das quais 215 foram acompanhadas até o diagnóstico final. Vinte crianças apresentavam toxemia, e 195 estavam em bom estado geral (30 com idade de até 3 meses, e 165, de 3 a 36 meses. Nas crianças de 3 a 36 meses não toxêmicas, 95 tinham temperatura axilar > 39 ºC. Em 107 crianças (49,8%, houve melhora espontânea do quadro febril; em 88 (40,9%, foi identificada doença benigna autolimitada; e em 20 (9,3%, IBG. Dentre as IBG, identificamos 16 infecções urinárias, três pneumonias e uma bacteremia oculta. Das 215, 129 (60% não receberam qualquer antibioticoterapia, e 86 receberam antibiótico em algum momento (45, empiricamente. O antibiótico empírico foi mantido por, em média, 72 horas. CONCLUSÃO: O protocolo aplicado mostrou-se adequado para o seguimento destas crianças que fizeram coleta de exames simples e passíveis de serem realizados na maioria dos serviços. A infecção urinária foi a IBG mais frequente nas crianças com FSSL.OBJECTIVE: To evaluate the applicability of a standardized guideline for children up to 36 months of age with fever without source (FWS. METHODS: Prospective cohort study involving children with FWS treated at the emergency department of Hospital Universitário, Universidade de S

  7. Investigação epidemiológica de casos de febre amarela na região noroeste do Estado de São Paulo, Brasil Epidemiological investigation into cases of yellow fever in the North- west region of S. Paulo State, Brazil

    Teresinha Lisieux M. Coimbra; Lygia Busch Iversson; Marlene Spir; Venâncio A. Ferreira Alves; Marcos Boulos

    1987-01-01

    Descreve-se investigação epidemiológica conduzida a partir da notificação de três casos suspeitos de febre amarela em moradores da região noroeste do Estado de São Paulo, Brasil, onde se identificou a presença de Aedes aegypti. Concluiu-se que se tratavam de casos de febre amarela silvestre adquirida em área endêmica do Estado vizinho de Mato Grosso. Apesar da presença de focos de Aedes aegypti nos locais de residência dos doentes, não foram encontradas evidências de transmissão do vírus amar...

  8. Prospecção e isolamento de actinomicetos com potencial para promoção de crescimento em rúcula (Eruca sativa L.

    Ana Lígia Silva de Melo

    2015-12-01

    Full Text Available Actinomicetos são bactérias Gram negativas, encontradas em compostagens, e ambientes extremos. Objetivou-se por meio deste estudo, a bioprospecção de actinomicetos isolados de compostagem e inoculados em sementes de rúcula. O isolamento foi feito em três composteiras, sendo: Cana, Resíduo doméstico e Fibra de coco. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado, constituído de sete tratamentos. Os resultados obtidos foram submetidos à análise estatística pelo teste de Scott Knott a 0,05% de probabilidade. Para altura de planta, os tratamentos diferiram estatisticamente entre si, sendo T7 com os menores valores. Para o número de folhas, as médias diferiram entre si, sendo a T7 com o menor valor. O diâmetro do coleto diferiu apenas para T7 e T2. O comprimento radicular diferiu apenas para o T3 e T7, com os menores valores. Para a fitomassa, o T3, apresentou os melhores resultados. Para a matéria seca, houve diferença apenas para T6 e T7. Os actinomicetos apresentaram um bom potencial de promoção de crescimento.Prospecting and isolation of actinomycetes with potential to growth promotion in arugula (Eruca sativa L.Abstract: Actinomycetes are Gram negative bacteria found in compost, and extreme environments. The objective of bioprospecting of actinomycetes isolated from compost and inoculated seeds of arugula. The isolation was done in three composters, being: cane, household waste and coir. The experimental design was completely randomized, consisting of seven treatments. The results were subjected to statistical analysis by the Scott Knott test at 0.05% probability. For plant height, the treatments were statistically different, with T7 with the lowest values. For the number of sheets, the mean differ from each other, with T7 being the smallest value. The stem diameter differed only for T2 and T7. The root length differed only for the T3 and T7, with the lowest values. For biomass, T3, showed the best results. For dry

  9. Isolamento de amebas de vida livre potencialmente patogênicas em poeira de hospitais Isolation of potencially pathogenic free-living amoebas in hospital dust

    Maria Aparecida da Silva

    2003-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Observar a ocorrência de amebas de vida livre dos gêneros Acanthamoeba e Naegleria em amostras de poeira coletadas em hospitais. MÉTODOS: Foram coletadas 132 amostras de poeira em dois hospitais do município de Presidente Prudente, São Paulo. Os locais da coleta foram: Unidade de Terapia Intensiva, Centro Cirúrgico, Isolamento de Moléstias Infecciosas, Berçário, Emergência e Cozinha. As amostras foram semeadas em três meios de cultura: meio de ágar não nutriente com Escherichia coli, meio de ágar infusão de soja e microcultivo em meio de Pavlova modificado por Giazzi. As amebas isoladas foram identificadas segundo critérios morfológicos. RESULTADOS: O índice geral de positividade para amebas de vida livre, potencialmente patogênicas, dos gêneros Acanthamoeba e Naegleria, foi de 45,5%, sendo positivas 41,6% das amostras de poeira coletadas no hospital universitário e 50% no hospital estadual. Obtiveram-se 45,5% de positividade do gênero Acanthamoeba e 3,8% para amebas do gênero Naegleria. CONCLUSÕES: As amebas de vida livre, potencialmente patogênicas, estavam presentes em todos os ambientes estudados dos dois hospitais, sendo que as espécies do gênero Acanthamoeba foram as isoladas com maior freqüência.OBJECTIVE: To evaluate the occurrence of free-living amoebas of the genera Acanthamoeba and Naegleria is dust samples colleted in two hospitals. METHODS: One-hundred and thirty-two dust samples were collected in two hospitals in Brazil. Hospital collection sites were the following: intensive care unit, operation rooms, nursery, kitchen, emergency and infectious diseases isolation room . The isolation of the amoebas was performed in three culture media: non-nutrient agar inoculated with Escherichia coli, soy agar, and microculture in Giazzi-modified Pavlova's medium. The amoebas were identified according to morphological criteria. RESULTS: Amoebas of the genera Acanthamoeba and Naegleria were found in 45.5% of

  10. Isolamento do ruído de impacto com resíduos de PET e PNEU - Análise preliminar de dados

    Maria Luiza de U. Carvalho

    2014-09-01

    Full Text Available O crescimento populacional tem gerado diversos problemas na sociedade contemporânea. Dentre eles estão o aumento do descarte de resíduos urbanos e a carência de moradia de baixo custo. O objetivo do presente trabalho foi estudar a potencialidade da utilização de dois resíduos sólidos na confecção de pisos flutuantes para redução do ruído de impacto através de parcerias com Furnas Centrais Elétricas e UFG. As amostras foram confeccionadas com o flake de garrafas PET e a raspa de pneus inservíveis aplicados em misturas cimentícias nas proporções de 1:4 e 1:5 (cimento: resíduo. Estas tinham espessuras diferentes sobre as quais tiveram a colocação de um contrapiso móvel com dois tipos de revestimento cerâmico. Para os ensaios foram consultadas a ISO 140-7 quanto aos procedimentos de medição para os níveis de pressão sonora de impacto (L’nT e a ISO 717-2 para a determinação do valor único ponderado (L’nT,w. Dentre os resultados, 5 amostras com PET obtiveram L’nT,w superior às demais amostras. Conclui-se que as amostras com resíduo de PET tiveram desempenho superior às amostras com resíduo de pneu. Contudo, ambos resíduos possuem um uso potencial na aplicação de pisos flutuantes nas proporções estudadas, porém necessitam maiores estudos para aplicação técnica. Palavras-Chave: isolamento do ruído de impacto, resíduo de PET, resíduo de pneu.

  11. Aspectos críticos do controle da febre amarela no Brasil Aspectos críticos del control de la fiebre amarilla en Brasil Critical aspects of yellow fever control in Brazil

    Pedro Luiz Tauil

    2010-06-01

    Full Text Available São apresentados aspectos epidemiológicos e do controle da febre amarela no Brasil, considerando os ciclos de transmissão silvestre e urbano. Sem registros de transmissão no Brasil desde 1942, houve casos de febre amarela urbana em 2008 no Paraguai, depois de mais de 50 anos sem essa ocorrência nas Américas. A redução do número dos casos silvestres e a manutenção da eliminação dos casos urbanos são os dois principais objetivos do controle da febre amarela no Brasil. Embora haja consenso quanto às medidas que devem ser tomadas nas áreas endêmicas para a forma silvestre, isso não ocorre em relação às áreas infestadas pelo Aedes aegypti. São discutidos argumentos favoráveis e contrários à expansão da área de vacinação. Há necessidade de estudos ambientais e entomológicos para o reconhecimento de áreas receptivas para transmissão silvestre, mesmo que estejam silentes há muitos anos.Se presentan aspectos epidemiológicos y del control de la fiebre amarilla en Brasil, considerando los ciclos de transmisión silvestre y urbana. Sin registros de transmisión en Brasil desde 1942, hubo casos de fiebre amarilla urbana en 2008 en Paraguay, después de más de 50 años sin ocurrir en las Américas. La reducción del número de casos silvestre y el mantenimiento de la eliminación de los casos urbanos son los dos principales objetivos del control de la fiebre amarilla en Brasil. A pesar de que exista consenso con respecto a las medidas que deben ser tomadas en las áreas endémicas para la forma silvestre, esto no ocurre con relación a las áreas infestadas por el Aedes aegypti. Son discutidos argumentos favorables y contrarios a la expansión del área de vacunación. Hay necesidad de estudios ambientales y entomológicos para el reconocimiento de áreas receptivas para transmisión silvestre, aunque se encuentren silentes desde hace muchos años.This paper presents epidemiological and control characteristics of yellow

  12. Produzindo um imunizante: imagens da produção da vacina contra a febre amarela Producing an immunizing agent: images from the production of a yellow fever vaccine

    Aline Lopes Lacerda

    2003-01-01

    Full Text Available O artigo discute o uso de imagens como fonte de pesquisa para a história da medicina e da saúde pública, a partir da análise de um conjunto de fotografias sobre a produção da vacina contra a febre amarela, pertencente ao arquivo histórico da Fundação Rockefeller, depositado no Departamento de Arquivo e Documentação da Casa de Oswaldo Cruz/Fiocruz. Este arquivo foi produzido entre as décadas de 1930 e 1940 pelas instituições responsáveis pelos trabalhos de pesquisa e combate da doença no Brasil - a Fundação Rockefeller e o Serviço Nacional de Febre Amarela. Levantamos questões gerais recorrentes aos que utilizam imagens como fonte e/ou objeto de interpretação para a produção de conhecimento histórico, indicando os pontos de caráter teórico, conceitual e metodológico que envolvem esse processo para analisar imagens do conjunto arquivístico. A seguir, interpretamos as fotografias dos primórdios da produção da vacina antiamarílica.Through analysis of a set of photographs on the production of a yellow fever vaccine in Brazil, the article discusses the use of images as a research source in the history of medicine and public health. Part of a historical archive belonging to the Fundação Rockefeller, stored at the Casa de Oswaldo Cruz/Fiocruz, the photographs were produced between the 1930s and 1940s by the Fundação Rockefeller and Brazil's National Yellow Fever Service, institutions then responsible for research and control of the disease in Brazil. The article raises some questions generally posed by those who employ images as sources or objects of interpretation in the production of historical knowledge, and also points to the theoretical, conceptual, and methodological aspects involved in this process of analyzing images. It goes on to interpret these photographs from the beginnings of the yellow fever vaccine.

  13. Espaços vigiados: um estudo do isolamento compulsório dos portadores de hanseníase no asilo-colônia Santo Ângelo (1890/1960)

    Vânia Regina Miranda Postigo

    2008-01-01

    Esta pesquisa procura analisar o isolamento compulsório dos portadores de hanseníase no Asilo-colônia Santo Ângelo localizado em Mogi das Cruzes, São Paulo, tendo como ponto de partida os anos 1890, época em que as primeiras medidas de controle da hanseníase e de outras doenças foram adotadas pelo poder público paulista. A criação de várias instituições e do primeiro código sanitário marcaram o início da construção de uma forte estrutura para o desenvolvimento de políticas públicas de saúde n...

  14. Transplante de Ilhotas Pancreáticas Humanas: Revisão da Literatura e Implantação de um Laboratório de Isolamento de Ilhotas Pancreáticas

    Jakeline Rheinheimer

    2011-01-01

    Full Text Available O diabetes melito tipo 1 (DM1 está associado ao desenvolvimento de complicações crônicas de elevada morbi-mortalidade em indivíduos jovens em idade produtiva. A terapia intensiva com insulina comprovadamente diminui o aparecimento das complicações crônicas da doença. Entretanto, essa terapia ainda está associada ao aumento da incidência de hipoglicemia. Em pacientes com “DM1 lábil”, os quais apresentam hipoglicemias graves sem sintomas de alerta, o transplante de ilhotas pancreáticas humanas é uma das melhores alternativas para restaurar a secreção de insulina e a percepção da hipoglicemia. Cerca de 80% dos pacientes que receberam transplante de ilhotas de mais de um doador, submetidos ao tratamento imunossupressor do protocolo de Edmonton, adquiriram independência de insulina após 1 ano do transplante. Porém, apenas 10% destes pacientes permaneceram livres de insulina após 5 anos. Entretanto, mesmo aqueles pacientes que necessitaram utilizar novamente insulina tiveram a normalização da homeostase glicêmica e da percepção da hipoglicemia, com prevenção da hipoglicemia grave. Sendo assim, o transplante de ilhotas é capaz de diminuir os níveis de glicose plasmática e HbA1c, reduzir a ocorrência de hipoglicemias graves e melhorar a qualidade de vida dos pacientes. O objetivo deste artigo foi fazer uma breve revisão da literatura sobre o isolamento e transplante de ilhotas pancreáticas humanas e relatar a implantação de um laboratório de isolamento de ilhotas humanas no Serviço de Endocrinologia do Hospital de Clínicas de Porto Alegre.

  15. Compressão medular em bovinos associada à vacinação contra febre aftosa Spinal cord compression in cattle associated whit vaccination against foot and mouth disease

    Ana Luisa Alves Marques

    2012-10-01

    Full Text Available Relatam-se aspectos etiológicos, epidemiológicos, clínicos e patológicos de surtos de incoordenação motora observados após vacinação contra febre aftosa em bovinos nos estados da Paraíba e de Pernambuco. Os sinais de incoordenação motora foram observados em torno de 45 dias após a vacinação, realizada por via intramuscular nas regiões torácica e lombar e no local da aplicação havia aumento de volume. Um total de 24 animais foi acometido, sendo 6 no estado da Paraíba e 18 no estado de Pernambuco. Seis animais morreram e quatro foram eutanasiados. Nos animais eutanasiados, constataram-se miosite abscedativa com a presença de áreas amareladas irregulares multifocais a coalescentes com líquido esbranquiçado e leitoso na região do músculo Longissimus lumborum esquerdo (dois animais e massa amarelada firme que comprimia a medula espinhal entre as vértebras T11 e T12 (um animal e entre as vértebras L3 e L5 (um animal. Ao exame histológico, havia miosite e paquimeningite piogranulomatosa com áreas multifocais a coalescentes, contendo espaços claros e esféricos centrais de tamanhos variados que correspondem ao adjuvante lipídico da vacina da febre aftosa, removido o processamento para a histologia. Determinou-se o diagnóstico de lesão medular secundária à compressão por granuloma vacinal.This paper reports the etiological, epidemiological, clinic, and pathological features of an outbreak of incoordination observed after vaccination against foot and mouth disease (FMD in cattle in the states of Paraíba and Pernambuco. The signs of incoordination were observed approximately 45 days after vaccination that was applied in the toracic and lumbar region. A lump was found in the local of the vaccination.Twenty-four animals showed this signs, six in Paraíba and 18 in Pernambuco. Six animals died and four were euthanized. At necropsy exam were observed abscedative myositis with yellow irregular areas to multifocal coalescing

  16. Yellow fever epizootics in non-human primates, São Paulo state, Brazil, 2008-2009 Epizootias de febre amarela em primatas não humanos no estado de São Paulo, Brasil, 2008-2009

    Eduardo Stramandinoli Moreno

    2013-02-01

    Full Text Available Since 2000, the expansion of Sylvatic Yellow Fever (YF has been observed in the southeast of Brazil, being detected in areas considered silent for decades. Epizootics in non-human primates (NHPs are considered sentinel events for the detection of human cases. It is important to report epizootic events that could have impact on the conservation status of susceptible species. We describe the epizootics in NHPs, notified in state of São Paulo, Brazil, between September 2008 to August 2009. Ninety-one epizootic events, involving 147 animals, were reported in 36 counties. Samples were obtained from 65 animals (44.2%. Most of the epizootics (46.6% were reported between March and April, the same period during which human cases of YF occurred in the state. Biological samples were collected from animals found dead and were sent to Instituto Adolfo Lutz, in São Paulo. Two samples, collected in two counties without an indication for YF vaccination, were positive for the virus. Another 48 animals were associated with YF by clinical-epidemiological linkage with laboratory confirmed cases. Because the disease in human and NHPs occurred in the same period, the detection of the virus in NHPs did not work as sentinel, but aided in the delineation of new areas of risk.Desde 2000, vem sendo observada a expansão da febre amarela (FA no Sudeste do Brasil, sendo detectados casos em áreas consideradas silenciosas por décadas. Epizootias em primatas não humanos (NHPs são considerados eventos sentinela para a detecção de casos humanos. É importante relatar eventos epizoóticos que podem ter impacto sobre o estado de conservação de espécies sensíveis. Descrevemos as epizootias, notificadas em NHPs no estado de São Paulo, Brasil, entre setembro de 2008 a agosto de 2009. Noventa e um eventos epizoóticos, envolvendo 147 animais, foram notificados em 36 municípios. As amostras foram obtidas a partir de 65 animais (44,2%. A maioria das epizootias (46,6% foram

  17. Pesquisas sobre a febre amarela (1881-1903: uma reflexão visando contribuir para o ensino de ciências Research on yellow fever (1881-1903: a reflexion aiming to contribute to Science Education

    Fernando Bastos

    2004-12-01

    Full Text Available O presente artigo focaliza episódios históricos relacionados à pesquisa médica acerca da febre amarela (1881-1903, buscando discutir (a a influência que os fatores econômicos, sociais e políticos exercem sobre a pesquisa científica; (b o caráter coletivo, controvertido e não-linear do processo de produção de conhecimentos na ciência; (c a natureza arbitrária dos conhecimentos científicos, no sentido de que representam "formas de ver", e não são perenes ou elaborados apenas sobre bases racionais; (d o papel pouco cabal desempenhado pelas demonstrações experimentais, que não se mostram "irrefutáveis"; e (e o papel desempenhado pelos paradigmas, que conduzem não apenas a caminhos frutíferos, mas também a becos sem saída. O intuito é proporcionar subsídios que sejam úteis tanto aos pesquisadores como aos professores que atuam na área do Ensino de Ciências.This paper focuses on historical episodes related to medical research concerning yellow fever (1881-1903, and attempts to discuss (a the influence that economic, social and political factors exert on scientific research; (b the collective, polemical and nonlinear nature of the process of production of knowledge in science; (c the arbitrary characteristic of scientific knowledge, in that it represents "a certain point of view", and it"s not perennial or elaborated exclusively on objective grounds; (d the limited role played by experimental demonstrations, that are not "irrefutable"; and finally (e the role played by paradigms, that lead not only to fruitful ways, but also to dead-ends. The intention is to provide suggestionss that are useful both to the science education researchers and teachers.

  18. Avaliação do impacto da epizootia de Febre Amarela sobre as populações de primatas não humanos nas unidades de conservação do Rio Grande do Sul, Brasil

    Marcos de Souza Fialho

    2012-05-01

    Full Text Available http://dx.doi.org/10.5007/2175-7925.2012v25n3p217   A Febre Amarela (FA é uma doença infecciosa aguda. No Brasil, a FA tem caráter sazonal, ocorrendo frequentemente entre os meses de janeiro a abril, quando fatores ambientais propiciam o aumento da abundância dos vetores. Há diversos relatos sobre a mortalidade de primatas devido à FA, em especial os do gênero Alouatta, mas há escassa informação disponível para verificar e quantificar os danos causados às populações de primatas por eventos desta natureza. O presente estudo busca avaliar o impacto do surto de FA ocorrido entre 2008 e 2009 sobre as populações de primatas nas unidades de conservação (UC do Estado do Rio Grande do Sul. A presença dos primatas e a ocorrência do surto foram registradas por meio de observações diretas e entrevistas. Foram visitadas 11 UC e realizadas 52 entrevistas. Constatou-se que destas UC, três não abrigam primatas, três abrigam populações de Alouatta caraya e quatro de Alouatta guariba. Cebus nigritus está presente em três UC. A única unidade de conservação severamente impactada pelo surto de FA foi o Parque Estadual do Espigão Alto, embora relatos de óbitos durante o surto tenham sido obtidos para a zona de amortecimento ou entorno próximo de outras cinco UC.

  19. Método de varredura para exame de criadouros de vetores de dengue e febre amarela urbana Sweeping method to scan breeding places for dengue and urban yellow fever vectors

    Roseane Lieko Kubota

    2003-04-01

    Full Text Available Com objetivo de estimar o número mínimo de varreduras para coletar uma amostra representativa das larvas presentes em um grande recipiente, foram adicionadas 200 larvas de quarto estádio em um tambor de 80 litros de água. Com auxílio de peneira plástica, foram feitas dez varreduras em cada réplica do experimento. Os resultados indicaram que oito varreduras foram suficientes para coletar até 72% do total de 200 larvas de quarto estadio presentes no criadouro, ou seja, uma média de 143±1,97. A técnica mostrou ser de fácil e eficiente execução quanto à inspeção de criadouros com grande volume de água. Isto reforça sua utilização como instrumento com grande potencial para vigilância vetorial na rotina dos programas de controle de vetores do dengue e febre amarela.To estimate the minimum numbers of "sweepings" for a representative sampling of larvae in a large container. 200 larvae in 4th stage were added in an 80-liter drum to carry out the experiment, in each retort was made 10 sweepings using a plastic sieve. Two hundred larvae in stage 4 were added to an 80-liter-drum and using a plastic sieve10 sweepings were carried out in each experiment replicate. The results showed that 8 sweepings were enough to collect up to 72% of the total sample in the container, i.e., an average of 143±1.97. The proposed method proved to be easily and effectively implemented and allowed for the inspection of containers with large water volumes. These findings reinforce its use as an important potential tool in the routine vectorial surveillance of control programs of dengue and yellow fever.

  20. Diagnóstico sorológico de infecções por dengue e febre amarela em casos suspeitos no Estado do Pará, Brasil, 1999 Serological diagnosis of dengue and yellow fever infections in suspected cases from Pará State, Brazil, 1999

    Tais Pinheiro de Araújo

    2002-12-01

    Full Text Available De junho a dezembro de 1999, foram coletadas 785 amostras de soro de pacientes com suspeita clínica de dengue e/ou febre amarela. Os pacientes foram atendidos nas unidades de saúde distribuídas pelas seis mesorregiões do Estado do Pará, Brasil. As amostras de soro foram testadas pelo método de inibição da hemaglutinação para detecção de anticorpos para Flavivirus e pelo ensaio imunoenzimático para detecção de imunoglobulina M para dengue e febre amarela. Das amostras coletadas, 563 (71,7% foram positivas pelo IH, e dentre estas 150 (26,6% foram positivas pelo ELISA-IgM. O vírus dengue foi responsável pela maioria das infecções recentes em todas as mesorregiões e os casos de febre amarela detectados neste estudo foram restritos às mesorregiões Marajó e Sudeste.From June to December 1999, 785 serum samples were obtained from patients clinically suspected of having dengue or yellow fever. The patients were referred by public health centers distributed within the six mesoregions of Pará State, Brazil. Serum samples were tested for Flavivirus antibodies by hemagglutination inhibition test and for dengue and yellow fever viruses by enzyme-linked immunosorbent assay for IgM detection. Of the sera collected, 563 (71.7% were positive by HI test and out of these 150 (26.6% were positive by ELISA-IgM. Dengue virus was responsible for most of the recent infections in all regions; yellow fever cases detected in the current study were restricted to the Marajó and Southeast regions.

  1. Influência do tempo e do meio de transporte no isolamento de fungos patogênicos de biópsias de pele Effects of time delay and transportation on isolation of pathogenic fungi from skin biopsies

    Rafael Taglialegna

    2008-04-01

    Full Text Available FUNDAMENTOS: Não está definido como o meio de transporte e o intervalo de tempo até o processamento final interferem no isolamento de fungos patogênicos em material obtido de biópsias de pele. OBJETIVOS: Determinar o efeito da inoculação tardia de biópsias de pele, transportadas em diferentes meios líquidos, na taxa de isolamento de fungos patogênicos. MÉTODOS: De 47 pacientes com lesões cutâneas suspeitas de micoses invasivas obtiveram-se 278 biópsias das lesões. Cada biópsia foi transportada em frascos com caldo Sabouraud com cloranfenicol ou solução salina de cloreto de sódio e inoculada em ágar Sabouraud após 48-72 horas (precoce ou após 72 horas até sete dias (tardio, constituindo-se quatro grupos de estudo. RESULTADOS: As medianas das taxas de isolamento dos quatro grupos de esporotricose foram 100% e de paracoccidioidomicose foram 84% e 50% nos grupos precoces/solução salina ou caldo Sabouraud e 64% e 84% nos grupos tardios/solução salina ou caldo Sabouraud, respectivamente (p=0,88. Baixas taxas de contaminação resultaram em especificidade diagnóstica de 82% para doenças não fúngicas. CONCLUSÕES: Biópsias de pele podem ser transportadas em caldo Sabouraud ou solução salina por períodos de até sete dias, à temperatura ambiente, sem afetar a viabilidade dos fungos.BACKGROUND: It is not clear how culture media used during transport and the interval between the biopsy procedure and final processing can affect the successful isolation of fungi. OBJECTIVE: The aim of this study was to investigate the effects of late inoculation of skin biopsies, transported in different sterile fluids, on the isolation rate of pathogenic fungi. METHODS: A total of 278 punch biopsy specimens were collected from 47 patients with suspected lesions of invasive mycoses. Each biopsy was transported in vials with Sabouraud medium with chloramphenicol or saline solution and finally inoculated on Sabouraud agar and 2

  2. Prevalência de transtornos psiquiátricos em portadores de prótese valvar mecânica com e sem febre reumática

    Regina Ponce da Silva

    2011-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Valvulopatias cardíacas, causadas por febre reumática e outras etiologias, podem levar ao implante de prótese valvar mecânica e anticoagulação oral obrigatória. Comorbidade psiquiátrica pode reduzir a adesão à anticoagulação. Esse estudo teve como objetivo avaliar a prevalência de transtornos psiquiátricos em pacientes com prótese valvar mecânica. MÉTODOS: Foram avaliados 193 portadores de prótese valvar mecânica, sendo 135 com cardiopatia reumática, tendo sido utilizada a Mini International Neuropsychiatric Interview, versão 5.0.0, para investigação quanto à presença de transtornos psiquiátricos. RESULTADOS: Foram encontrados os seguintes transtornos psiquiátricos nos pacientes avaliados: transtornos de ansiedade generalizada (16,6%, agorafobia (11,9%, fobia social (10,4%, depressão (9,8%, distimia (4,1% atual e 1% no passado, transtorno obsessivo-compulsivo (3,6%, pânico - vida inteira (1,6%, dependência ou abuso de substâncias (2%, dependência ou abuso de álcool (1%, episódio hipomaníaco (0,5% atual e 0,5% no passado, bulimia (0,5%. O risco de suicídio detectado foi de 13,4%. Ao ser comparada a prevalência dos transtornos no grupo com e sem cardiopatia reumática, não foi encontrada diferença estatisticamente significativa. CONCLUSÃO: Foi encontrada elevada comorbidade de transtornos psiquiátricos, principalmente transtornos ansiosos e depressão, sendo também elevado o risco de suicídio nessa população.

  3. Aedes albopictus (S na região de São José do Rio Preto, SP: estudo da sua infestação em área já ocupada pelo Aedes aegypti e discussão de seu papel como possível vetor de dengue e febre amarela

    Chiaravalloti Neto Francisco

    2002-01-01

    Full Text Available Os objetivos deste trabalho foram estudar a evolução da infestação pelo Aedes albopictus na região de São José do Rio Preto, área já ocupada pelo Aedes aegypti e discutir seu papel na transmissão de doenças. Com informações obtidas em medidas de densidade larvária realizadas em áreas urbanas dos municípios, analisaram-se: ano e local de ocorrência, composição e localização das amostras larvárias; recipientes e Índices de Breteau. Até maio de 2001, o vetor já se encontrava em 96 dos 100 municípios da região. O Aedes albopictus, comparativamente ao Aedes aegypti, ocupou em maior proporção o peridomicílio e apresentou maior grau de associação com recipientes naturais e descartáveis. O comportamento endêmico do dengue, a ocorrência de casos autóctones de febre amarela silvestre na região e a reconhecida competência do vetor para estas doenças implicam em considerar a possibilidade de sua participação na transmissão do dengue e na reurbanização da febre amarela.

  4. Isolation of Fonsecaea pedrosoi from thorns of Mimosa pudica, a probable natural source of chromoblastomycosis Isolamento de Fonsecaea pedrosoi a partir de espinhos da planta Mimosa pudica, uma provável fonte natural de cromoblastomicose

    Claudio Guedes Salgado

    2004-02-01

    Full Text Available We report the isolation of Fonsecaea pedrosoi from thorns of the plant Mimosa pudica L. at the place of infection identified by one of our patients. Clinical diagnosis of chromoblastomycosis was established by direct microscopic examination and cultures from the patient's lesion. The same species was isolated from the patient and from the plant. Scanning electron microscopy of the surface of the thorns showed the characteristic conidial arrangement of F. pedrosoi. These data indicate that M. pudica could be a natural source of infection for the fungus F. pedrosoi.Este trabalho demonstra o isolamento de Fonsecaea pedrosoi de espinhos da planta Mimosa pudica L., a partir do local de suposta infecção identificado pela paciente infectada. O diagnóstico clínico de cromoblastomicose foi estabelecido pelo achado de corpos fumagóides no exame microscópico direto e pelas culturas de F. pedrosoi do material obtido da lesão da paciente. A mesma espécie foi isolada da paciente e da planta. A microscopia eletrônica de transmissão da superfície dos espinhos evidenciou a disposição conidial característica de F. pedrosoi. Estes dados indicam que a planta M. pudica deve ser uma fonte natural de infecção do fungo F. pedrosoi.

  5. Entomological investigation of a sylvatic yellow fever area in São Paulo State, Brazil Investigação entomológica em área de ocorrência de febre amarela silvestre no Estado de São Paulo, Brasil

    Vera L. F. de Camargo-Neves

    2005-08-01

    Full Text Available Following reports of two autochthonous cases of sylvatic yellow fever in the State of São Paulo, Brazil, in 2000, entomological surveys were conducted with the objective of verifying the occurrence of vector species in forest environments close to or associated with riparian areas located in the western and northwestern regions of the State. Culicidae were captured in 39 sites distributed in four regions. Haemagogus leucocelaenus and Aedes albopictus were the most abundant species and were captured in all the regions studied. H. leucocelaenus was the most abundant species in the municipalities of Santa Albertina and Ouroeste, where the two cases of sylvatic yellow fever had been reported. Mosquitoes from the janthinomys/capricornii group were only found at eight sites in the São José do Rio Preto region, while Sabethes chloropterus was found at one site in Ribeirão Preto. H. leucocelaenus showed its capacity to adapt to a secondary and degraded environment. Our results indicate a wide receptive area for yellow fever transmission in the State of São Paulo, with particular emphasis on the possibility of H. leucocelaenus being involved in the maintenance of this sylvatic focus of the disease.O registro de dois casos autóctones de febre amarela silvestre no Estado de São Paulo, Brasil, em 2000, desencadeou investigações entomológicas com o objetivo de verificar a ocorrência das espécies vetoras em ambientes florestais próximos ou associados às zonas ribeirinhas, situados nas regiões oeste e noroeste do Estado. As capturas foram realizadas em 39 localidades distribuídas por quatro regiões do Estado. Haemagogus leucocelaenus e Aedes albopictus foram as espécies mais abundantes e capturadas em todas as regiões. H. leucocelaenus foi a espécie mais abundante nos municípios de Santa Albertina e Ouroeste, onde os casos de febre amarela silvestre foram registrados. Mosquitos do grupo janthinomys/capricornii foram encontrados em oito

  6. Isolation of Prototheca spp. from cows with mastitis, bulk tanks milk and in the environment of the animals/ Isolamento de Prototheca spp. de vacas com mastite, de leite de tanques de expansão e do ambiente dos animais

    Agda de Godoy

    2007-07-01

    homem. Nos últimos anos tem-se dado ênfase às infecções intramamárias por algas do gênero Prototheca, agentes de infecções persistentes e refratárias à terapêutica tradicional além do caráter zoonótico. Este trabalho teve como objetivo o isolamento e identificação de Prototheca spp. De amostras de leite coletadas em tanques de expansão e latões, de vacas com mastite e do ambiente dos animais. Foram coletadas 81 amostras de leite de tanques e latões de 81 propriedades. Prototheca zopfii foi identificada em amostras de tanques de 10 propriedades. Dessas propriedades foram estudadas oito quanto à ocorrência de Prototheca spp. no ambiente do rebanho e em casos de mastite, além da identificação dos principais agentes bacterianos causadores de mastite. Foram isoladas bactérias, algas e leveduras em 324 amostras de leite provenientes de 197 vacas. Em três propriedades foi isolada P. zopfii de onze amostras de leite obtidas de cinco vacas com mastite clínica e subclínica. Nestas propriedades o agente foi isolado do meio ambiente das vacas, fezes de bezerros e teteiras. Os resultados deste trabalho mostram a importância do isolamento no tanque como indicativo da presença de Prototheca spp. Em propriedades leiteiras.

  7. Comparison of methods for mycobacteria isolation from swine feces Comparação de métodos para isolamento de micobactérias a partir de fezes suínas

    Eugenia Márcia de Deus Oliveira

    2007-12-01

    Full Text Available Swine mycobacteriosis is an important cause of carcass condemnation at abattoirs. One of the best ways to recognize the etiologic agent involved, in live animals, is the fecal isolation, as 94% of the lesions are located in the digestive tract. Therefore, the goal of the present study was to compare the performance of four decontamination methods followed by inoculation in three different culture media, totalizing twelve procedures of mycobacteria search from swine fecal samples experimentally contaminated. The swine feces were artificially contaminated with 0.02 g of Mycobacterium avium, PIG-B strain, and subjected to mycobacteria isolation trial. The protocols used were: 1 modified Petroff or basic method; 2 modified Lowenstein-Jensen or acidic method; 3 modified Petroff or basic method with re-suspension in Amphotericin B; 4 modified Lowenstein-Jensen or acid method with re-suspension in Amphotericin B, followed by inoculation in Petragnani, Lowenstein-Jensen and Lowenstein-Jensen medium with antibiotics (Penicillin G and Nalidixic acid. There was a difference (pAs micobacterioses suínas são responsáveis por condenações de carcaças em abatedouro e uma das melhores formas de se conhecer os agentes envolvidos nos animais vivos é o isolamento a partir das fezes, pois em 94% das vezes, as lesões localizam-se no trato digestivo. Assim sendo, o presente estudo teve por objetivo comparar o desempenho de quatro métodos de descontaminação com semeadura em três diferentes meios de cultura, totalizando doze procedimentos na pesquisa de micobactérias a partir de amostras de fezes de suínos contaminadas experimentalmente. Amostras de fezes de suínos foram contaminadas artificialmente com 0,02g de Mycobacterium avium, estirpe de PIG-B, e submetidas à tentativa de isolamento de micobactérias, utilizando-se os seguintes protocolos de descontaminação: 1 Petroff modificado ou método básico; 2 Lowenstein-Jensen modificado ou método

  8. Estimativa de validade de um novo método de isolamento de vírus rábico Estimate of the validity of a new method for the isolation of rabies virus

    Yeda L Nogueira

    2004-04-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Nenhum estudo de base populacional foi realizado para mostrar o uso potencial de diagnóstico virológico do vírus rábico. O estudo realizado teve por objetivo estimar parâmetros de acurácia para o isolamento de vírus rábico em célula McCoy, como um método alternativo, e comparar com o uso da célula N2A, considerada método de referência. MÉTODOS: Foi realizado um inquérito em 120 morcegos coletados aleatoriamente, na Mata Atlântica, no Estado de São Paulo. Utilizou-se a reação de imunofluorescência para a detecção do vírus rábico isolado no cérebro desses morcegos, avaliado nos dois sistemas de cultivos celulares. Dois bancos de dados foram formados com os resultados. A análise foi feita com o programa Computer Methods for Diagnosis Tests (CMDT, utilizando a técnica de two-graph-receiver operating characteristic (TG-ROC para obter os parâmetros de sensibilidade e especificidade, além de outros indicadores, tais como eficácia, valor preditivo positivo, valor preditivo negativo e razão de verossimilhança. RESULTADOS: A célula N2A apresentou 90% de sensibilidade e especificidade, enquanto que a célula McCoy obteve 95% para os mesmos parâmetros. Os valores foram baseados em pontos de cortes otimizados para cada uma das células. CONCLUSÕES: Observou-se que a célula McCoy permite obter estimativas de acurácia superiores aos resultados observados com a célula de N2A, representando um método alternativo eficaz no isolamento do vírus rábico.OBJECTIVES: No population-based studies have been conducted to show the potential for the use of virological diagnosis of the rabies virus. The objective of the present study was to estimate accuracy parameters for the isolation of the rabies virus in McCoy cells as an alternative method and to compare this with the use of murine neuroblastoma (N2A cells, which is considered to be a reference method. METHODS: An evaluation was performed on 120 bats collected at

  9. Universal isolation precautions for patients at an academic hospital Precauciones universales en el aislamiento de pacientes en un hospital universitario Precauções universais em isolamentos de pacientes em hospital universitário

    Vanessa Gomes Maziero

    2012-01-01

    .OBJETIVO: Utilizar as precauções universais pela equipe de Enfermagem em isolamento de pacientes em Hospital Universitário. MÉTODOS: Estudo descritivo, prospectivo. Foram utilizados dados da Assessoria de Controle de Qualidade da Assistência de Enfermagem, correspondentes aos relatórios das observações das precauções universais em isolamento de pacientes em duas unidades de internação Médica - Cirúrgica, no período entre 2008 e 2010. RESULTADOS: As duas unidades da instituição apresentaram média geral de classificação, da análise observacional de precaução universal, entre desejável e adequada, sendo limítrofe apenas em novembro de 2008 na unidade Médica-Cirúrgica Masculina. As unidades avaliadas, quanto à adesão às precauções universais, apresentaram comprometimento com biossegurança, e os dados exibidos mostraram-se melhores a cada ano descrito. CONCLUSÃO: A participação ativa do enfermeiro responsável pela unidade é importante na prevenção e controle de infecções hospitalares.

  10. Isolation and characterization of Leptospira interrogans from pigs slaughtered in São Paulo State, Brazil Isolamento e caracterização de Leptospira interrogans de suínos abatidos no Estado de São Paulo, Brasil

    Fabiana Miraglia

    2008-09-01

    Full Text Available With the aim of isolating Leptospira spp., blood serum, kidney, liver and genital tract of 137 female swine (40 sows and 97 gilts and also urine samples from 22 sows were collected in a slaughterhouse in the State of São Paulo, from April 2003 to August 2004. Four isolates were obtained from animals that presented microagglutination test (MAT titers > 100 for the serovar Pomona and one was obtained from an animal negative by MAT in which Leptospira was isolated from the liver and reproductive tract. The presence of leptospiral DNA was investigated by PCR, and positive results were found in kidneys of 11 females, liver of two, genital tract of two and urine of one of them. Nephrosis, interstitial multifocal nephritis, moderate to severe changing, hyalines cylinders and hemorrhagic focuses, hepatic and uterine horns congestion were histological lesions observed in higher frequency in animals positive for leptospira. The silver impregnation (Warthin Starry confirmed the presence of spirochetes in renal tubules of four females with positive leptospira cultures from kidneys. The serogroup of the five isolates was identified as Pomona by cross agglutination with reference polyclonal antibodies. Molecular characterization of the isolates was carried out by variable-number tandem-repeats analysis. All the isolates revealed a pattern distinct from the L. interrogans Pomona type strain, but identical to a previously identified pattern from strains isolated in Argentina belonging to serovar Pomona.Amostras de soro sanguíneo, rim, fígado e trato genital de 137 fêmeas suínas (40 matrizes e 97 marrãs e de urina de 22 matrizes foram colhidas em abatedouro no Estado de São Paulo, no período de abril de 2003 a agosto de 2004 tendo como objetivo o isolamento de Leptospira spp. Quatro estirpes foram isoladas de animais que apresentaram títulos, no teste de soroaglutinação microscópica (SAM > 100, para o sorovar Pomona e de um animal, não reagente na

  11. Aspectos epidemiológicos nas leptospiroses: Pesquisa de anticorpos anti-Leptospira spp, isolamento e pesquisa biomolecular em bovinos, roedores e trabalhadores de propriedades rurais do Município de Botucatu, SP, Brasil

    Helio Langoni

    2008-06-01

    Full Text Available A leptospirose é uma infecção amplamente difundida pelo mundo, transmitida entre o homem e os animais que causa uma queda na produção de rebanhos bovinos, e oferece riscos relacionados à saúde pública sendo uma importante zoonose. Foram estudadas 27 propriedades de pecuária bovina leiteira em Botucatu-SP e limítrofes, com colheitas de amostras de sangue e rim de roedores, sangue e urina de bovinos e sangue dos trabalhadores. A sorologia foi realizada pela soroaglutinação microscópica (SAM. Foi tentado o isolamento de leptospiras por cultura da urina dos bovinos e dos rins dos roedores. Foi realizada a reação em cadeia pela polimerase (PCR dos rins dos roedores. Para a SAM, 46/140 (32,85% amostras de soro bovino e 8/34 (23,53% humana foram positivas, respectivamente. Para as amostras humanas, o sorovar Bratislava (37,51% apresentou maior ocorrência, enquanto que para os bovinos, os sorovares mais freqüentes foram Hardjo e Castellonis, com 26,08% cada. Todos os roedores foram negativos à sorologia. Nenhuma leptospira foi isolada, e as amostras de rim foram negativas à PCR. Nos bovinos, a água de açudes e as ordenhadas com má qualidade de higiene foram consideradas importantes riscos de infecção nas propriedades acometidas (p<0,05, onde outros problemas reprodutivos, exceto aborto, podem estar relacionados. Por outro lado, para o homem o sistema de drenagem foi o mais importante fator de risco nas propriedades estudadas. Assim, enfatiza-se a necessidade de melhora no manejo zoosanitário das propriedades, principalmente com relação ao suprimento de água.

  12. Comparative studies of Yersinia pestis outer membrane isolation techniques and their potential use in plague epidemiology Estudo comparativo de técnicas de isolamento de membrana externa de Yersinia pestis e seu uso na epidemiologia da peste

    Frederico Guilherme Coutinho Abath

    1990-04-01

    Full Text Available In the present study three techniques for obtaining outer membrane enriched fractions from Yersinia pestis were evaluated. The techniques analysed were: differential solubilization of the cytoplasmic membrane with Sarkosyl or Triton X-100, and centrifugation in sucrose density gradients. The sodium dodecyl-sulfate polyacrylamide gel electrophoresis (SDS-PAGE of outer membrane isolated by the different methods resulted in similar protein patterns. The measurement of NADH-dehydrogenase and succinate dehydrogenase (inner membrane enzymes indicated that the outer membrane preparations obtained by the three methods were pure enough for analytical studies. In addition, preliminary evidences on the potential use of outer membrane proteins for the identification of geographic variants of Y. pestis wild isolates are presented.No presente estudo três técnicas para isolamento de frações enriquecidas em membrana externa de Y. pestis foram avaliadas. As técnicas utilizadas foram: centrifugação em gradiente de densidade em sacarose e solubilização diferencial com Sarkosyl ou Triton X-100. A análise por eletroforese em gel de poliacrilamida na presença de dodecil sulfato de sódio (SDS-PAGE das membranas externas extraídas pelos diferentes métodos evidenciou perfis protéicos semelhantes. A determinação das atividades de NADH-desidrogenase e succinato-desidrogenase (enzimas de membrana interna indicou que todas as preparações estudadas eram adequadas a estudos analíticos. Obteve-se evidências preliminares sobre o possível uso de perfis protéicos de membrana externa na identificação de variantes geográficos entre isolados selvagens de Y. pestis.

  13. Isolation and characterization of canine parvovirus type 2c circulating in Uruguay Isolamento e caracterização da cepa tipo 2c do parvovirus canino circulante no Uruguai

    Andrea Blanc Pintos

    2011-08-01

    Full Text Available This research reports the first CPV-2c isolation in cell culture (canine fibroma cell line A-72 in Uruguay. The isolates were obtained from 13 rectal swabs of Uruguayan dogs with parvovirosis. Samples were submitted to PCR with two sets of primers, restriction fragment length polymorphism (RFLP, partial sequencing of the gene encoding for VP2 capsid protein and phylogenetic characterization. The strain isolated was confirmed as CPV-2c. These results contribute to a better knowledge of CPV strains circulating in Uruguay and promote an evaluation of the efficacy of heterologous vaccines used to protect against the circulating strains.Este trabalho relata o primeiro isolamento do CPV-2c em cultura de células (linhagem celular de fibroma canino A-72, no Uruguai. Os isolados foram obtidos a partir de 13 suabes retais de cães uruguaios com parvovirose. As amostras foram submetidas à reação em cadeia da polimerase (PCR com dois pares de primers, polimorfismo de comprimento de fragmentos de restrição (RFLP, sequenciamento parcial do gene que codifica a proteína capsidial VP2 e caracterização filogenética. A cepa isolada foi confirmada como CPV-2c. Os resultados contribuem para um melhor conhecimento das cepas do CPV circulantes no Uruguai e incitam uma maior investigação sobre a eficácia das vacinas produzidas com cepas heterólogas utilizadas atualmente para proteger contra cepas circulantes.

  14. Caracterização da comunidade bacteriana endofítica de citros por isolamento, PCR específico e DGGE Characterization of the endophytic bacterial community from citrus by isolation, specific PCR and DGGE

    Paulo Teixeira Lacava

    2006-04-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi caracterizar a comunidade bacteriana endofítica de plantas assintomáticas (escapes e afetadas pela clorose variegada dos citros (CVC por meio de isolamento em meio de cultura, técnica de gradiente desnaturante em gel de eletroforese (DGGE e detecção de Methylobacterium mesophilicum e Xyllela fastidiosa por meio de PCR específico, para estudar esta comunidade e sua relação com a ocorrência da CVC. A análise da comunidade bacteriana via DGGE permitiu a detecção de X. fastidiosa, bem como Klebsiella sp. e Acinetobacter sp. como endófitos de citros. Foram observados também Curtobacterium sp., Pseudomonas sp., Enterobacter sp. e Bacillus spp. Utilizando primers específicos, Methylobacterium mesophilicum e X. fastidiosa também foram observadas, reforçando hipóteses de que estas bactérias podem estar interagindo no interior da planta hospedeira.The aim of this work was to characterize endophytic bacterial community of assintomatic (escape and Citrus Variegated Chlorosis (CVC-affected citrus plants using isolation in culture medium, denaturing gradient gel electrophoresis (DGGE technique and Methylobacterium mesophilicum as well as Xylella fastidiosa specific PCR, allowing to assess this community and its interactions with CVC. The study of bacterial community by DGGE analysis allowed the detection of X. fastidiosa, as well as Klebsiella sp. e Acinetobacter sp., which were not detected previously. Curtobacterium sp., Pseudomonas sp., Enterobacter sp. and Bacillus spp. were also observed as endophyte in citrus plants. Using specific primers Methylobacterium mesophilicum and X. fastidiosa were observed, reinforcing that these bacteria could interact inside the host plant.

  15. Maternidade e hanseníase: as vivências de separação devido ao isolamento compulsório Being a mother with leprosy: the experiences of separation due to compulsory isolation

    Suellen Santos Lima de Almeida

    2012-08-01

    Full Text Available As mulheres portadoras de hanseníase, durante grande parte do século XX, não puderam exercer a maternidade devido à política de isolamento compulsório dos doentes adotada para controlar a doença. Os filhos ao nascerem eram levados para os preventórios e o contato com estes era realizado pelo olhar. Visando compreender a experiência da maternidade no hospital colônia foi realizada pesquisa narrativa com três mães que viveram o período de internação compulsória. Os discursos revelam dois momentos distintos da vivência de maternidade: a separação dos filhos com sua posterior volta para casa e a adoção de crianças para realizar a maternidade. Considera-se que a adoção promoveu o encontro com o sentido da existência que havia sido rompido e possibilitou a experiência de ser-mãe.In the twentieth century, women with leprosy could not carry on their maternity because of the statement of compulsory isolation of patients, adopted to control the disease. Their children were taken at birth to prevention centers and the contact of mothers with their babies was only visual. In order to understand the experience of maternity in the leprosaria it was carried out an investigated narrative research with three mothers who lived through the period of compulsory internment. The speeches reveal two distinct moments in the experience of motherhood: the separation of the children with their subsequent return to home and the adoption of other children to achieve motherhood. It is considered that the adoption has promoted the meeting with the meaning of existence that had been broken and allowed the experience of being a parent.

  16. Pesquisa de anticorpos contra arbovírus e o vírus vacinal da febre amarela em uma amostra da população de Rio Branco, antes e três meses após a vacina 17D

    Tavares-Neto José

    2004-01-01

    Full Text Available Em amostra da população da cidade de Rio Branco (Acre, foi pesquisada a freqüência de portadores de anticorpos contra os arbovírus, mais prevalentes na região amazônica, e o vírus vacinal da febre amarela, antes e após a imunização com a vacina 17D. Das 390 pessoas incluídas na primeira fase do estudo (agosto de 1999, somente 190 compareceram em janeiro de 2000, três meses após a aplicação da vacina 17D (outubro de 1999. Nas amostras da primeira fase, as freqüências de soropositivos (IH para os vírus estudados foram: 17D (27,2%; Dengue-1 (0,3%; Dengue-2 (4,1%; Dengue-3 (0%; Dengue-4 (0%, entre outros 8 vírus. Nas amostras séricas de janeiro (2000, a soroconversão para o 17D foi de 89,7% (130/145 e 3,2% (6/190 passaram a ter anticorpos contra o sorotipo 3 (DEN-3. Em conclusão, por conta da elevada taxa de cobertura vacinal e de soroconversão há redução significativa do risco de urbanização do vírus da febre amarela na cidade de Rio Branco, apesar de não ser desprezível a possibilidade de uma nova epidemia de dengue, pelo DEN-3, a semelhança da registrada em 2000 e 2001 pelos sorotipos 1 e 2.

  17. Investigação epidemiológica de casos de febre amarela na região noroeste do Estado de São Paulo, Brasil Epidemiological investigation into cases of yellow fever in the North- west region of S. Paulo State, Brazil

    Teresinha Lisieux M. Coimbra

    1987-06-01

    Full Text Available Descreve-se investigação epidemiológica conduzida a partir da notificação de três casos suspeitos de febre amarela em moradores da região noroeste do Estado de São Paulo, Brasil, onde se identificou a presença de Aedes aegypti. Concluiu-se que se tratavam de casos de febre amarela silvestre adquirida em área endêmica do Estado vizinho de Mato Grosso. Apesar da presença de focos de Aedes aegypti nos locais de residência dos doentes, não foram encontradas evidências de transmissão do vírus amarílico nesses locais. O teste MAC ELISA mostrou-se de grande utilidade no rápido esclarecimento diagnóstico dos casos suspeitos da moléstia, ao lado das técnicas tradicionais, e no inquérito sorológico conduzido entre familiares, vizinhos e colegas de trabalho dos doentes.An epidemiological investigation was carried out in the North-west region of the State of S. Paulo of Brazil with the purpose of clarifying three suspected cases of yellow fever that occurred in people resident in the area. In this region the presence of Aedes aegypti had been verified. It was concluded that the patients had contrated yellow fever during a trip to the forested region of the Mato Grosso State, where there are enzootic cycles of the virus. Despite of the presence of Ae. aegypti, no evidence of yellow fever transmission in the local population was detected. MAC ELISA (enzyme-linked immunosorbent assay with capture of IgM antibodies proved very useful in the rapid diagnosis of suspected cases and in the serological investigation among the relatives, neighbors and schoolmates of the patients, providing additional support for the traditional techniques.

  18. Aspectos da gravidez e pós-parto de adolescentes portadoras de febre reumática Aspects of the pregnancy and post delivery of adolescents with rheumatic fever

    Ana Julia Pantoja Moraes

    2004-09-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a incidência e evolução de gravidez entre adolescentes portadoras de febre reumática (FR do nosso serviço. MÉTODOS: Avaliação retrospectiva de 510 prontuários de pacientes com diagnóstico de FR, no período de 1983 a 2001. RESULTADOS: Dos 510 pacientes analisados, 123 (46% eram adolescentes femininas. Dezesseis (13% engravidaram neste período, com um total de 19 gestações (uma apresentou duas gestações e outra três; 14 realizaram pré-natal adequadamente. A idade da primeira gestação variou de 14 a 19 anos (média 16,7; e a idade do início da atividade sexual, de 13 a 18 anos (média 15,2. Insuficiência mitral ocorreu em 15 casos, estando associada com insuficiência aórtica em cinco. Intercorrências durante o pré-natal foram observadas em duas pacientes: em uma houve recidiva da FR com Coréia e em outra infecção pelo HIV. O parto vaginal ocorreu em sete adolescentes, parto fórcipe em três e cesareana em quatro: uma com HIV, uma com gestação gemelar e duas com distocia funcional. Treze recém-nascidos foram adequados para idade gestacional e apenas os gêmeos foram prematuros. No pós-parto, uma paciente apresentou infecção na incisão cirúrgica e outra abscesso mamário. Nenhuma paciente reativou a FR no parto e pós-parto. CONCLUSÕES: As gestações não apresentaram descompensação cardíaca, com predomínio de valvulites de leve intensidade. Atividade sexual precoce e aumento da gravidez em adolescentes são realidades nos ambulatórios de reumatologia pediátrica, justificando a necessidade de uma melhor orientação em relação à sexualidade e uso de métodos anticoncepcionais na rotina do atendimento.BACKGROUND: To evaluate the incidence and follow-up of pregnancy among adolescents with rheumatic fever (RF attended at the authors' service. METHODS: A retrospective evaluation was undertaken of 510 patients with a diagnosis of RF according to records from 1983 to 2001. RESULTS: We

  19. Índices de onda P na predição de recorrência de fibrilação atrial após isolamento da veia pulmonar

    Ahmed Salah

    2013-12-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Índices de ondas P são marcadores interessantes para prever recorrências de fibrilação atrial (FA pós ablação. OBJETIVO: Esse estudo avalia o valor dos índices de onda P para prever recorrências após isolamento da veia pulmonar (IVP em pacientes com fibrilação atrial paroxística. MÉTODOS: Foram selecionados 198 pacientes (57 ± 8 anos, 150 homens com FA paroxística sintomática refratária a medicamentos submetidos ao IVP em nosso hospital. Um eletrocardiograma de 12 derivações foi utilizado para medir a duração da onda P na derivação II, a força terminal de P (FTP na derivação V1, o eixo e a dispersão da onda P. RESULTADOS: No acompanhamento de 9 ± 3 meses, as recorrências ocorreram em 60 (30,3% pacientes. Os pacientes que apresentaram recorrência de FA tiveram maior duração média de onda P (122,9 ± 10,3 versus 104,3 ± 14,2 ms, p 125 ms apresenta 60% de sensibilidade, especificidade de 90%, valor preditivo positivo (VPP de 72% e valor preditivo negativo (VPN de 83,7%, enquanto a dispersão da onda P > 40 ms tem 78% de sensibilidade, 67% de especificidade, PPV 51% e VPN de 87,6%. 48/66 (72,7% dos pacientes com FTP -0,04 mm/segundo tiveram recorrência de FA (p 125 ms, a dispersão da onda P > 40 ms e FTP em V1 < -0,04 mm/sec são bons preditores clínicos das recorrências de FA pós IVP em pacientes com fibrilação atrial paroxística; contudo, eles não foram independentes do tamanho do átrio esquerdo e da idade.

  20. Epidemia midiática: produção de sentidos e configuração social da febre amarela na cobertura jornalística, 2007-2008 Media epidemics: sense production and social configuration of yellow fever in the journalistic coverage, 2007-2008

    Cláudia Malinverni

    2012-01-01

    Full Text Available O objetivo deste artigo, situado no campo da comunicação em saúde, é analisar os sentidos atribuídos discursivamente à febre amarela silvestre durante a cobertura jornalística da epizootia da doença, ocorrida no Brasil no verão 2007-2008. Utilizando o referencial teórico das práticas discursivas e da produção de sentidos no cotidiano e as hipóteses de agendamento (agenda-setting e enquadramento (framing da notícia, foram analisadas todas as matérias sobre febre amarela veiculadas pelo jornal Folha de S. Paulo, no período de 21 de dezembro de 2007 a 29 de fevereiro de 2008, e todos os documentos oficiais sobre a epizootia emitidos pela autoridade brasileira de saúde pública entre 3 de janeiro e 28 de fevereiro de 2008. Os achados indicam que as estratégias discursivas da cobertura jornalística relativizaram o discurso da autoridade de saúde pública; priorizaram a divulgação do número de casos; enfatizaram a vacinação como o limite entre a vida e a morte, omitindo riscos do uso indiscriminado do imunobiológico; e propagaram a iminência de uma epidemia de febre amarela de grandes proporções. Essas estratégias deram novos sentidos à doença, deslocando o evento de sua forma silvestre, espacialmente restrita e de gravidade limitada, para a urbana, de caráter epidêmico e potencialmente mais grave. Secundariamente, o estudo permitiu identificar os impactos desse discurso midiático sobre o sistema nacional de imunização e os riscos a que a população foi exposta em função dos sentidos produzidos: em 2008, foram registrados 8 casos de reação grave à vacina, dos quais 6 foram a óbito.Located in the Field of communication and health, the objective of this article is to analyze the senses attributed in the discourse on yellow fever, during the journalistic coverage of the epizooty of the diseased, occurring in Brazil during the summer 2007-2008. Employing the theoretical reference of discursive practices and

  1. Yellow fever in Brazil: thoughts and hypotheses on the emergence in previously free areas Fiebre amarilla en Brasil: reflexiones e hipótesis sobre la emergencia en áreas previamente libres Febre amarela no Brasil: reflexões e hipóteses sobre a emergência em áreas previamente livres

    Pedro Fernando da Costa Vasconcelos

    2010-12-01

    Full Text Available This article describes and discusses factors associated to the reemergence of yellow fever and its transmission dynamics in the states of São Paulo (Southeastern Brazil and Rio Grande do Sul (Southern during 2008 and 2009. The following factors have played a pivotal role for the reemergence of yellow fever in these areas: large susceptible human population; high prevalence of vectors and primary hosts (non-human primates; favorable climate conditions, especially increased rainfall; emergence of a new genetic lineage; and circulation of people and/or monkeys infected by virus. There is a need for an effective surveillance program to prevent the reemergence of yellow fever in other Brazilian states.Son descritos y discutidos factores asociados con la emergencia y dinámica de la transmisión de la fiebre amarilla en los estados de Sao Paulo (Sureste de Brasil y Rio Grande do Sul (Sur de Brasil en los años 2008 y 2009. La interacción de los siguientes factores fue fundamental para la emergencia de fiebre amarilla en esos estados: la gran población humana susceptible; la elevada prevalencia de vectores y hospedadores (primates no humanos; condiciones climáticas favorables, principalmente el exceso de lluvias en el verano; la emergencia de un nuevo linaje viral; y la circulación de personas o monos infectados en fase virémica. Sólo un programa eficiente de vigilancia puede prevenir ocurrencias similares en esos estados brasileros.São descritos e discutidos fatores associados a emergência e dinâmica da transmissão da febre amarela nos estados de São Paulo e Rio Grande do Sul nos anos de 2008 e 2009. A interação dos seguintes fatores foi fundamental para a emergência de febre amarela nesses estados: a grande população humana suscetível; a elevada prevalência de vetores e hospedeiros (primatas não humanos; condições climáticas favoráveis, sobretudo o excesso de chuvas no verão; a emergência de uma nova linhagem viral; e a

  2. Isolamento de fungos degradadores de carbendazim

    Célia Maria Maganhotto de Souza Silva

    1999-07-01

    Full Text Available Os fungicidas sistêmicos do grupo dos benzimidazóis são amplamente utilizados no controle de muitas doenças de plantas, tanto no solo como na parte aérea, e isso tem sido causa de contaminação ambiental. A ação de alguns microorganismos contribui para degradação e perda da atividade biológica desses fungicidas, podendo reduzir, dessa forma, o risco de impactos negativos. O objetivo deste trabalho foi selecionar fungos com potencial para degradar benomil e seu produto de hidrólise, carbendazim, e quantificar o potencial de degradação. Fungos foram isolados de três diferentes solos da região de agricultura irrigada do município de Guaíra, SP, com histórico de aplicação intensiva de fungicidas benzimidazóis. Dentre os fungos isolados, Alternaria alternata foi a linhagem menos afetada pelo aumento na concentração de benomil no meio de cultura. Na concentração máxima (100 mig mL-1 a inibição da taxa de crescimento de A. alternata foi 22%, enquanto nas demais linhagens foi superior a 45%. Em meio de cultura líquido suplementado com carbendazim, a taxa de crescimento em biomassa de A. alternata foi 43% maior do que a no meio sem carbendazim, o que indica o consumo do fungicida como fonte de carbono. A. alternata degradou rapidamente o fungicida, chegando a 66,21% de desaparecimento do produto em dois dias. A meia-vida de carbendazim nessas condições foi de 1,16 dias.

  3. A list of mosquito species of the Brazilian State of Pernambuco, including the first report of Haemagogus janthinomys (Diptera: Culicidae, yellow fever vector and 14 other species (Diptera: Culicidae Lista de espécies de mosquitos do Estado de Pernambuco e primeiro relato de Haemagogus janthinomys (Diptera: Culicidae vetor de febre amarela silvestre e outras 14 espécies (Diptera: Culicidae

    Nádia Consuelo Aragão

    2010-08-01

    Full Text Available INTRODUCTION: Besides mosquito species adapted to urban environments (Culex quinquefasciatus, Aedes aegypti and Aedes albopictus, only 15 species of Anopheles had been recorded in the State of Pernambuco. METHODS: Human-landing mosquitoes were collected in Dois Irmãos Park, in Recife. RESULTS: The first report for the state of Haemagogus janthinomys, an important vector of yellow fever virus, and 14 other species, including Trichoprosopon lampropus, a first reported for Brazil. CONCLUSIONS: The mosquito fauna in the area is diversified and has potential medical and veterinary importance.INTRODUÇÃO: Além de mosquitos adaptados ao ambiente urbano (Culex quinquefasciatus, Aedes aegypti e Ae. albopictus, apenas 15 espécies de Anopheles haviam sido relatadas no Estado de Pernambuco. MÉTODOS: Mosquitos que pousavam em humanos no Parque Dois Irmãos, em Recife foram coletados. RESULTADOS: Haemagogus janthinomys, importante vetor de vírus de febre amarela, e outras 14 espécies são relatadas pela primeira vez no estado, incluindo Trichoprosopon lampropus, relatado pela primeira vez no Brasil. CONCLUSÕES: A fauna de mosquitos na área é muito diversificada e tem potencial importância médica e veterinária.

  4. Avaliação da sensibilidade da cultura de leite do tanque para isolamento de agentes contagiosos da mastite bovina Evaluation of the sensitivity of bulk tank milk cultures for the isolation of contagious bovine mastitis pathogens

    Maria Aparecida V. P. Brito

    1998-01-01

    Full Text Available Amostras de leite total (leite do tanque de 33 rebanhos foram coletadas na plataforma de recepção da indústria laticinista e cultivadas para detectar patógenos específicos (contagiosos da mastite. Foi feita a contagem de células somáticas (CCS das amostras utilizando o equipamento Fossomatic 90. Em 13 e 12 rebanhos avaliaram-se duas e três amostras semanais consecutivas, respectivamente, e em oito avaliou-se apenas uma. Foram também examinadas três amostras diárias consecutivas do leite do tanque e amostras dos quartos mamários individuais, coletadas na própria fazenda, de todas as vacas em lactação de quatro rebanhos (A, B, C e D. As amostras de leite dos quartos mamários individuais foram cultivadas em ágar sangue e as amostras do tanque, em placas de TKT, Sal Manitol, MacConkey e Sabouraud contendo cloranfenicol. Dos 33 rebanhos cujas amostras foram obtidas na plataforma de recepção da indústria, isolou-se Staphylococcus aureus de 26, nove desses em associação com Streptococcus agalactiae e em três rebanhos isolou-se somente S. agalactiae. Nove rebanhos tiveram CCS acima de 500.000 ml-1 e 21, abaixo de 400.000 ml-1. Em cinco dos nove rebanhos com CCS acima de 500.000 ml-1 foram isolados S. aureus e S. agalactiae, em três, apenas S. aureus e em um, apenas S. agalactiae. Seis rebanhos apresentaram CCS abaixo de 200.000 ml-1; de um deles foram isolados S. aureus e S. agalactiae, de três, S. aureus e os outros dois foram negativos para estes dois patógenos. Os resultados encontrados nos quatro rebanhos cujas amostras foram coletadas na própria fazenda mostraram que S. aureus foi isolado nas seguintes porcentagens dos animais: 1,8%, 19,2%, 17,0% e 8,4% e dos quartos mamários: 0,9%, 5,9%, 5,4% e 2,2%, respectivamente, para os rebanhos A, B, C e D. S. agalactiae foi isolado dos rebanhos A, C e D. Nestes três rebanhos, as porcentagens de isolamento foram, respectivamente, 1,8%, 10,6% e 8,4% para as vacas e 0,46%, 3,8% e 3

  5. Tratamento cirúrgico da comunicação interventricular e rotura da parede livre do ventrículo esquerdo após infarto agudo do miocárdio e da disjunção atrioventricular após troca da valva mitral, empregando o dispositivo de isolamento ventricular (DIV:: estudo experimental

    BERNARDES Rodrigo de Castro

    1997-01-01

    Full Text Available A rotura de parede livre do ventrículo esquerdo (VE e a comunicação interventricular (CIV por rotura de septo são dois eventos catastróficos que podem complicar a evolução do infarto agudo do miocárdio (IAM. A oportunidade do tratamento cirúrgico, o acesso à CIV e a técnica cirúrgica ideal para o tratamento desta complicação são muito discutidos na literatura (1-5. Os resultados, porém, são quase unânimes: alta taxa de mortalidade. A rotura da parede posterior do ventrículo esquerdo pós troca da valva mitral (disjunção atrioventricular não é uma complicação rara, sendo quase sempre fatal (6, 7. O objetivo de nosso trabalho é discutir a alternativa de tratamento cirúrgico destas graves lesões, sem o manuseio direto do músculo cardíaco friável, necrozado. Desenvolvemos e testamos em animais (carneiros o dispositivo de isolamento ventricular (DIV. No período de 12/7/95 a 10/1/96, operamos 12 carneiros adultos para o implante do DIV. No primeiro período de aprendizado da técnica de implante e de desenvolvimento da prótese, operamos 7 animais, sem sucesso. No segundo período operamos 5 animais, já com o DIV completamente desenvolvido e com a técnica cirúrgica já padronizada; obtivemos sucesso com todos os animais, sobrevivendo com bom débito cardíaco, constatado ao ecocardiograma e à ventriculografia. Após 20 dias de sobrevida, os animais foram submetidos a ventriculografia e ecocardiografia. Observamos o completo isolamento da cavidade ventricular com o emprego do DIV, obtendo o tratamento provisório destas graves lesões.

  6. Leishmaniose cutânea na Amazônia: isolamento de Leishmania (Viannia lainsoni do roedor Agouti paca (Rodentia: Dasyproctidae, no estado do Pará, Brasil Cutaneous leishmaniasis in the Amazon Region: isolation of Leishmania (Viannia lainsoni from the rodent Agouti paca (Rodentia: Dasyproctidae in Pará State, Brazil

    Fernando T. Silveira

    1991-02-01

    Full Text Available Fez-se o registro, pela primeira vez, do isolamento de Leishmania (V. lainsoni de um mamífero silvestre, o roedor Agouti paca (Rodentia: Dasyproctidae, no Estado do Pará, Brasil. As amostras do parasita foram isoladas da pele, aparentemente íntegra, de 3 espécimes desse roedor, capturados no município de Tucuruí (ilha de Tocantins, em área que seria inundada pela formação do lago da hidrelétrica construída naquele município. Nenhum isolamento foi obtido de vísceras de qualquer dos animais. A identificação das amostras de L. (V. lainsoni baseou-se na morfologia de amastigotas e promastigotas, no comportamento da infecção em "hamsters", na análise bioquímica de isoenzimas e, ainda, através de testes com anticorpos monoclonais. A natureza inaparente da infecção nos animais faz supor que o mamífero em questão possa representar um hospedeiro definitivo do parasita na região Amazônica.The isolation of Leishmania (V. lainsoni is recorded for the first time from a wild animal, the rodent Agouti paca (Rodentia: Dasyproctidae, from Pará State, north Brazil. Isolates of the parasite were made from apparently normal skin of 3 specimens of this rodent captured on the Island of Tocantins, in the municipality of Tucuruí, an area subsequently flooded in the formation of the lake associated with the Tucuruí hydroeletric dam. No isolations were made from the viscera. Identification of the parasite was in each case based on morphology of the amastigotes and promastigotes, behavior of the organism in hamsters, isoenzymes profiles and the use of monoclonal antibodies. The inapparent nature of the infection leads us to suggest that the "paca", Agouti paca, represents a primitive host of L. (V. lainsoni in the Amazon Region.

  7. Evolução dos isolamentos em doenças transmissíveis: os saberes na prática contemporânea Evolución del aislamiento en las enfermedades transmisibles: los saberes en la práctica contemporánea Evolution of the isolation of contagious diseases: knowledge in contemporary practice

    Lúcia Yasuko Izumi Nichiata

    2004-03-01

    Full Text Available A identificação de novos agentes infecciosos, a crescente expansão de infecções e doenças já conhecidas têm estimulado a revisão das medidas de biossegurança nas atividades profissionais dos trabalhadores da saúde. No presente artigo recuperou-se a evolução dos saberes e práticas dos isolamentos/precauções, o que permitiu resgatar os conceitos e as intervenções que vieram sendo formuladas e implementadas. Desde o início da enfermagem moderna, no século XIX, mantém-se basicamente os mesmos elementos da prática dos isolamentos em doenças transmissíveis, ou seja, destaque à utilização de barreiras mecânicas, químicas e ambientais, fundamentadas nas especificidades inerentes aos elementos da cadeia do processo infeccioso.La identificación de nuevos agentes infecciosos, la creciente expansión de infecciones y enfermedades ya conocidas, han estimulado la revisión de las medidas de bioseguridad en las actividades profesionales de los trabajadores de la salud. En el presente artículo, se recuperó la evolución de los saberes y de las prácticas de aislamiento/precauciones, lo que permitió rescatar los conceptos y las intervenciones que vienen siendo formuladas e implementadas. Desde el nacimiento de la enfermería moderna en el siglo XIX, se mantienen básicamente los mismos elementos de las prácticas de aislamiento en enfermedades transmisibles, es decir, predomina la utilización de barreras mecánicas, químicas y ambientales, fundamentadas en las especificidades inherentes a los elementos de la cadena del proceso infeccioso.The identification of new infectious agents and the ever increasing expansion of known infections and diseases have been stimulating the revision of biosafety measures in the activities of professional health care workers. In the present article, the evolution of knowledge and practices of isolation and precautions were reviewed, which allowed us to recover the concepts and the interventions

  8. Granulocyte-macrophage colony-stimulating factor does not increase the potency or efficacy of a foot-and-mouth disease virus subunit vaccine Fator estimulante de colônias de granu-lócitos e macrófagos (GM-CSF não aumenta a eficácia ou potência da vacina de subunidades da febre aftosa em suínos

    Luizinho Caron

    2005-09-01

    Full Text Available Foot-and-mouth disease (FMD is one of the most feared diseases of livestock worldwide. Vaccination has been a very effective weapon in controlling the disease, however a number of concerns with the current vaccine including the inability of approved diagnostic tests to reliably distinguish vaccinated from infected animals and the need for high containment facilities for vaccine production, have limited its use during outbreaks in countries previously free of the disease. A number of FMD vaccine candidates have been tested and a replication-defective human adenovirus type 5 (Ad5 vector containing the FMDV capsid (P1-2A and 3C protease coding regions has been shown to completely protect pigs against challenge with the homologous virus (FMDV A12 and A24. An Ad5-P1-2A+3C vaccine for FMDV O1 Campos (Ad5-O1C, however, only induced a low FMDV-specific neutralizing antibody response in swine potency tests. Granulocyte-macrophage colony-stimulating factor (GM-CSF has been successfully used to stimulate the immune response in vaccine formulations against a number of diseases, including HIV, hepatitis C and B. To attempt to improve the FMDV-specific immune response induced by Ad5-O1C, we inoculated swine with Ad5-O1C and an Ad5 vector containing the gene for porcine GM-CSF (pGM-CSF. However, in the conditions used in this trial, pGM-CSF did not improve the immune response to Ad5-O1C and adversely affected the level of protection of swine challenged with homologous FMDV.A febre aftosa é uma das doenças mais temidas nos rebanhos em todo o mundo. A vacinação tem sido uma arma eficiente no controle da doença, no entanto há preocupações com as vacinas atualmente utilizadas incluindo a necessidade de instalações de alta segurança para a produção dessas vacinas e a falta de um teste de diagnóstico aprovado que faça distinção precisa entre animais vacinados dos infectados. Várias vacinas têm sido testadas contra a febre aftosa e uma dessas

  9. Virus isolation and molecular characterization of canine distemper virus by RT-PCR from a mature dog with multifocal encephalomyelit Isolamento e caracterização molecular do vírus da cinomose canina por RT-PCR a partir de um cão adulto com encefalomielite multifocal

    Alexandre Mendes Amude

    2007-06-01

    Full Text Available A case of multifocal distemper encephalomyelitis in a mature dog is described. In the presented case the ante mortem clinical diagnosis of canine distemper virus (CDV infection could not be ideally performed due to the absence of typical signs of distemper, such as myoclonus and systemic signs accompanying the nervous signs. The definitive diagnosis of distemper encephalomyelitis was only carried out at post mortem through virus isolation in cell culture from fresh central nervous system (CNS fragments and CDV nucleoprotein gene detection in the CNS by RT-PCR.Descreve-se um caso de encefalomielite multifocal pela cinomose em um cão adulto. No caso apresentado o diagnóstico clínico da infecção pelo vírus da cinomose canina (CDV não pode ser adequadamente realizado devido à ausência de sinais típicos da enfermidade, tais como mioclonia e sinais sistêmicos. O diagnóstico definitivo somente foi possível post mortem pelo isolamento do CDV em cultivo celular a partir dos fragmentos frescos do sistema nervoso central (SNC e pela detecção do gene da nucleoproteína do CDV em fragmentos do SNC por meio da RT-PCR.

  10. Cirurgia do arco aórtico com perfusão cerebral bilateral pelo isolamento do tronco braquiocefálico e da artéria carótida esquerda Aortic arch surgery with bilateral cerebral perfusion by isolation of brachiocephalic trunk and left carotid artery

    Valdo José Carreira

    2008-03-01

    Full Text Available OBJETIVO: Estudar os resultados da técnica descrita por Carreira et al. com utilização de perfusão cerebral seletiva bilateral (PCSAB pelo isolamento do tronco braquiocefálico e artéria carótida esquerda. MÉTODOS: Quinze pacientes foram operados consecutivamente entre de junho de 2005 e setembro de 2007. Os dados foram analisados por programa informatizado Epi Info e significância estatística com p0,05. CONCLUSÃO: A técnica de PCSAB é reprodutível e apresenta resultados semelhantes aos da literatura mundial. A excelente evolução neurológica e o fácil controle de sangramentos nas linhas de sutura podem ter contribuído com os resultados obtidos.OBJECTIVE: To evaluate the results of a technique described by Carreira et al. using bilateral antegrade selective cerebral perfusion by isolating the brachiocephalic trunk and the left carotid artery. METHODS: Fifteen patients were operated between June 2005 and September 2007. Data analysis were performed using Epi Info and statistical significance was set at p0.05. CONCLUSION: The technique of bilateral selective cerebral perfusion described by Carreira et al. can be performed by others and presents similar results to the international literature. The excellent neurological outcome and easy bleeding control on surgical sutures lines are the major advantages of this new procedure.

  11. Pesquisa de antigenos aglutinantes "major" 1, 2 e 3 em cepas de Bordetella pertussis, isoladas de crianças com coqueluche atendidas no Hospital de Isolamento Emílio Ribas de São Paulo, Brasil Determination of 1, 2 and 3 major antigens in Bordetella pertussis strains isolated from Brazilian children with whooping-cough

    Sebastião Timo Iaria

    1977-09-01

    Full Text Available Em 30 cepas de Bordetella pertussis isoladas de crianças com coqueluche, atendidas no Hospital de Isolamento Emílio Ribas de São Paulo, foram pesquisados os antígenos aglutinantes ''major" 1, 2 e 3. Levando-se em conta a presença combinada dos três antígenos, as provas de soro-aglutinação rápida em lamina revelaram que 25 (83,3% cepas possuiam os fatores 1, 2 e 3, enquanto que 3 (10,0% e 2 (6,7% foram positivas, somente, para 1, 2 e 1, 3, respectivamente. Os resultados foram discutidos, considerando-se a importância deste antígeno no preparo de vacinas.The presence of major antigens, 1, 2 and 3 were determined in 30 strains of B. pertussis isolated from children with whooping-cough hospitalized at the Hospital Emílio Ribas, São Paulo Brazil. The method used was the slide-agglutination test. Tests showed that 25(83.3% of strains were positives for factors 1, 2 and 3. Factores 1 and 3 alone were present in 3 (10% of strains and 1 and 2 alone in 2 (6.7%.

  12. Vacinação contra febre amarela em pacientes com diagnósticos de doenças reumáticas, em uso de imunossupressores Vaccination against yellow fever among patients on immunosuppressors with diagnoses of rheumatic diseases

    Licia Maria Henrique da Mota

    2009-02-01

    Full Text Available A febre amarela é endêmica em alguns países. A vacina, único modo eficaz de proteção, é contra-indicada em pacientes imunocomprometidos. Nosso objetivo é relatar uma série de casos de pacientes reumatológicos, usuários de imunossupressores, vacinados contra a doença. Foi feito um estudo retrospectivo, por meio de questionário aplicado em pacientes reumatológicos medicados com imunossupressores, vacinados 60 dias antes da investigação. Foram avaliados 70 pacientes, com idade média de 46 anos, 90% mulheres, portadores de artrite reumatóide (54, lupus eritematoso sistêmico (11, espondiloartropatias (5 e esclerose sistêmica (2. Os esquemas terapêuticos incluíam metotrexato (42, corticoesteróides (22, sulfassalazina (26, leflunomida (18, ciclofosfamida (3 e imunobiológicos (9. Dezesseis (22,5% pacientes relataram efeitos adversos menores. Dentre os 8 pacientes, em uso de imunobiológicos, apenas um apresentou efeito adverso, leve. Entre pacientes em uso de imunussopressores, reações adversas não foram mais freqüentes do que em imunocompetentes. Este é o primeiro estudo sobre o tema.Yellow fever is endemic in some countries. The anti-yellow fever vaccine is the only effective means of protection but is contraindicated for immunocompromised patients. The aim of this paper was to report on a case series of rheumatological patients who were using immunosuppressors and were vaccinated against this disease. This was a retrospective study by means of a questionnaire applied to these patients, who were vaccinated 60 days before the investigation. Seventy patients of mean age 46 years were evaluated. Most of them were female (90%. There were cases of rheumatoid arthritis (54, systemic lupus erythematosus (11, spondyloarthropathy (5 and systemic sclerosis (2. The therapeutic schemes included methotrexate (42, corticosteroids (22, sulfasalazine (26, leflunomide (18, cyclophosphamide (3 and immunobiological agents (9. Sixteen

  13. Estudo comparativo de eficácia de larvitrampas e ovitrampas para vigilância de vetores de dengue e febre amarela Comparative study of the efficiency of larval and ovitraps for the surveillance of dengue and yellow fever vectors

    Cristiano Correa de Azevedo Marques

    1993-08-01

    Full Text Available Com a finalidade de aprimorar a vigilância entomológica dos vetores de Dengue e Febre Amarela - Aedes aegypti e Aedes albopictus - no Estado de São Paulo, Brasil, realizou-se estudo comparativo de eficácia de larvitrampas (armadilhas de larvas, e ovitrampas (armadilhas de ovos. A região estudada é infestada somente pelo Aedes albopictus, espécie que conserva hábitos silvestres, mas também coloniza criadouros artificiais. A primeira parte do estudo foi realizada em área periurbana de Tremembé-SP, onde foram comparados três ocos de árvore, 23 ovitrampas e 5 larvitrampas. A segunda parte dos experimentos desenvolveu-se no Município de Lavrinhas-SP, no distrito de Pinheiros, onde 20 ovitrampas foram instaladas (uma por quadra e 5 larvitrampas foram localizadas em pontos estratégicos (comércios, depósitos e postos. Os resultados obtidos mostraram que a ovitrampa, além da capacidade de positivar-se mesmo em presença de criadouros naturais, possui eficiência superior à larvitrampa. Constatou-se que para avaliação de efeitos da termonebulização as ovitrampas apresentaram uma significativa redução na média de ovos, o que não se verificou em relação ao Índice de Breteau.A comparative study of the efficiency of ovitraps and larval-traps was undertaken with a view to improving the entomological survey of vectors of Dengue and Yellow Fever - Aedes aegypti and Aedes albopictus - in S. Paulo State, Brazil. The region studied is infested only by Aedes albopictus, a species that keeps to wild habitats but colonizes artificial breeding grounds as well. The first part of the study was located in a periurban area of Tremembé county were 3 hollon trees, 23 ovitraps and 5 larval-traps were compared. The second part of these experiments took place in Lavrinhas county (Pinheiros district, where 20 ovitraps and 5 larval-traps were tested. The results showed that the ovitrap was more efficiente than larval-traps and were positive even in

  14. Hemoterapia e febre Dengue Blood banking e Dengue fever

    Estácio F. Ramos

    2008-02-01

    Full Text Available Dengue is an endemic/epidemic arboviral disease with a variable symptomatic benign course, but potentially fatal. Once in an inhabited area, the disease will exist forever, with the best achievement being to keep vectors suppressed and the disease under control. Tiger mosquitoes (aedes aegypti, aedes albopictus are active breeders and urban hunters, becoming resistant to pesticides. Global warming and population growth are propelling the disease worldwide at tropical and subtropical regions, victimizing new populations. Dengue virus is very infective, and has been transmitted by needlestick, intrapartum, through blood transfusion and mucosal contact with blood. One patient got dengue while undergoing bone marrow transplantation. We address the growing dengue epidemics in Brazil, with more than half a million official cases in 2007, to estimate the risks of transfusion transmitted dengue. Calculations however were surpassed by reality: the major Blood Center in Brazil (FHSP-USP has found dengue virus in one out of each thousand blood units. In 2007, industry sold 2,6 million disposable blood bags in Brazil. Plotting data from FHSP-USP to the whole country, 2600 blood units would have been infective. Through blood components, around 5000 patients must have received dengue virus intravenously. Beatty et al. estimated to be 1:1300 the risk for dengue transmission through blood transfusion in Puerto Rico, close to what has been demonstrated in Sao Paulo. Throughout Brazil, the average risk may be lower, but the epidemics grows towards a worst scenario. Whatever the risk is, it imposes that all blood units in Brazil (and wherever dengue is endemic must be EIA tested for dengue NS1 antigen. This marker appears early after infection, and the EIA testing platform is available at all blood banks. Also, donors must report febrile states up to two weeks after donation. Morbidity from dengue virus injected in hospitalized patients is unknown, but it may lead to catastrophic outcomes and to occupational and institutional risks. Physicians and healthcare workers and managers might be aware of this threat - and must start enforcing testing. This EIA test must be included in donor serology for all kinds of transplantation.

  15. Isolamento e identificação intratípica de cêpas de poliovirus associadas com a administração de vacina Sabin Isolation and intratypical identification on poliovirus strains following the administration of Sabin vaccine

    José Alberto Neves Candeias

    1969-12-01

    Full Text Available Estudou-se a taxa de excreção de enterovírus em dois grupos de crianças de 1 a 4 anos de idade, que receberam várias doses de vacina Sabin. No primeiro grupo a colheita de fezes foi feita 60 dias após a administração da última dose de vacina e no segundo grupo, passados somente 15 dias. No primeiro grupo as porcentagens de isolamento de poliovírus e outros enterovírus foram, respectivamente, de 12,12% e 13,63%. já no segundo, estas porcentagens foram de 37,61% e 9,17%. Em ambos os grupos foram isolados os três tipos sorológicos de poliovírus. As taxas de isolamentos de poliovírus e outros enterovírus não se mostraram estatìsticamente diferentes, em ambos os grupos, quando relacionadas com o número de doses de vacina recebidas - duas ou menos doses e três ou mais doses. A identificação intratípica das cêpas de poliovirus isoladas foi feita pelos "marcadores" RCT40 e ds. Das 8 cêpas isoladas do primeiro grupo, 6 foram identificadas como intermediárias e 2 como cêpas naturais. Estas 2 cêpas foram isoladas das duas únicas crianças que não tinham sido vacinadas contra a poliomielite. Das 41 cêpas isoladas do segundo grupo, 8 foram caracterizadas como intermediárias e 33 como ceêpas tipicamente vacinais.The author studied the incidence of enterovirus excretion in 2 groups of children aged between 1 and 4 years, who had been given varying doses of Sabin polio vaccine. In the first group faeces were collected 60 days and in the second group 15 days after the last dose of vaccine had been given. In the first group 12,12% yielded poliovirus and 13,63% yielded "other enteroviruses"; in the second group the percentages were 37,61% and 9,17%. In both groups all three serological types of poliovirus were isolated. The previous vaccination status of the children in both groups, whether vaccinated with two or less or three or more doses, did not have a statistically significant effect on the subsequent virus isolations. The

  16. Isolation and expeditious morphological, biochemical and kinetic characterization of propolis-tolerant ruminal bacteria Isolamento e caracterização expedita morfológica, bioquímica e cinética de bactérias ruminais tolerantes a própolis

    Odimári Pricila Pires do Prado

    2010-09-01

    Full Text Available It was aimed in this work to evaluate bacterial strains tolerant to products based on propolis (LLOS through the isolation, morphological and biochemical characterization techniques in diets with roughage:concentrate ratio 100:0 and 50:50. For roughage diets, the products LLOSC1 and LLOSB3 were evaluated, and for 50:50% diets, the products LLOSC1, LLOSD1, LLOSA2, and LLOSC3, which differed in alcoholic concentrations (1, 2 and 3 and propolis (A, B, C and D concentrations. The ruminal liquid was anaerobically incubated at 39°C for 6 days in medium containing LLOS. After isolation, the strains were submitted to Gram staining and the bacterial growth was monitored by photospectrometer. It was evaluated the strain growth in the presence of the following subtracts: arabinose, cellulose, glucose, cellobiose, xylose, fructose, and lactose. In roughage diets, strains tolerant to LLOSC1 and LLOSB3 were similar to carbohydrates degradation, except lactose in which LLOSC1 was superior to strains tolerant to LLOSB3. For diets with 50:50 roughage:concentrate ratio, the products LLOSC3 and LLOSA2 stood out because they selected the highest number of strains able to degrade most of the tested carbohydrates. The results suggest that tolerance to propolis is higher in Gram-positive strains with several growth metabolic levels.Objetivou-se avaliar cepas bacterianas tolerantes a produtos à base de própolis pelas técnicas de isolamento, caracterização morfológica e bioquímica, em dietas com relação volumoso: concentrado de 100:0 e 50:50. Para dietas volumosas foram avaliados os produtos LLOSC1 e LLOSB3 e, para dietas 50:50% os produtos LLOSC1, LLOSD1, LLOSA2 e LLOSC3, diferentes quanto aos teores alcoólicos (1, 2 e 3 e as concentrações de própolis (A, B, C e D. O líquido ruminal foi incubado anaerobiamente a 39°C durante 6 dias em meio contendo LLOS. Após o isolamento, as cepas foram submetidas à coloração de Gram e o crescimento bacteriano foi

  17. Distribuição anatômica da árvore ductal pancreática do cão: implicações para o isolamento das ilhotas de Langerhans Anatomical distribution of pancraatic ductal tree and its implications for isolating Langerhans islets

    Jaques Waisberg

    1999-09-01

    Full Text Available O conhecimento da anatomia normal da árvore ductal pancreática no cão e de sua variações reveste-se de importância para a execução dos protocolos de preparação e isolamento das ilhotas de Langerhans. A proposta deste estudo é demonstrar a configuração anatômica da dutal pancreática com especial atenção para as implicações sobre as técnicas de preparação do tecido pancreático para o transplante de ilhotas de Langerhans no cão. Os autores realizaram a dissecção do duto pancreático principal (Santorini e a cateterização dos seus ramos ascendente e descendente. Em seguida procederam à pancreatectomia total sem duodenectomia. Através destes cateteres, infundiu-se solução de acetona no interior dos ductos e solução de tinta nanquim de cor azul no ramo ascendente e de cor vermelha no ramo descendente. Posteriormente, os autores dissecaram a árvore ductal pancreática com pinças delicadas e digitoclasia. Através desta técnica, os autores verificaram a distensão universal do parênquima pancreático devido ao envolvimento de toda a glândula pelos ramos tributários do ducto pancreático principal. O ramos descendente distendeu exclusivamente a região do processo uncinado, ao passo que o ramo ascendente distendeu exclusivamente as regiões do corpo e cauda do pâncreas canino. Esta constatação enfatiza a utilização destas vias para a infusão das soluções apropriadas nos procedimentos de isolamento das ilhotas de Langerhans no modelo canino.The knowledge of normal pancreatic ductal tree anatomy in dogs is important for the preparation and isolation of islets of Langerhans. The aim of this study is to demonstrate the anatomical configuration of the pancreatic ductal tree, especially concerning its implications in the preparation of pancreatic tissue for Langerhans islets transplantation techniques. The main pancreatic duct ( Santorini was dissected, and the upper and the lower branches were catheterized

  18. Efeitos da temperatura e da movimentação do ar sobre o isolamento térmico do velo de ovinos em câmara climática Effect of temperature and air velocity on the thermal insulation of the fleece of sheep in climatic chamber

    Alex Sandro Campos Maia

    2009-01-01

    Full Text Available Foram utilizados dez ovinos da raça Corriedale - cinco machos e cinco fêmeas com pesos entre 52,2 e 87,6 kg - com o objetivo de avaliar o efeito da combinação da movimentação do ar (0 e 5,0 m/s com a temperatura do ar (25, 30 e 40ºC sobre a temperatura retal (T R, ºC, da epiderme (T E, ºC, da superfície do velo (T V, ºC e do interior do velo (T I, ºC e a espessura do velo (E V, cm e suas relações com o isolamento térmico do velo. A presença de vento não teve efeito sobre as variáveis estudadas, o que sugere que fluxo de ar (40ºC o fluxo de calor sensível não foi significativa.Ten Corriedale sheep were evaluated, five males and five females with 52.2 to 87.6 kg of body weight, to evaluate the effect of air velocity (0 and 5 m/s and temperature (25, 30 and 40ºC on rectal temperature (T R, ºC, skin temperature (T E, ºC, fleece surface temperature (T V, ºC, temperature inside the fleece (T I, ºC, and fleece thickness (E V, cm and their relationship with fleece thermal insulation. The results showed that air velocity did not affect the studied traits, suggesting that airflow 40°C, the sensible heat flow was not significant.

  19. Anthocyanins standards (cyanidin-3-O-glucoside and cyanidin-3-O-rutinoside isolation from freeze-dried açaí (Euterpe oleraceae Mart. by HPLC Isolamento de padrões de antocianinas (cianidina-3-O-glucosídeo e cianidina -3-O-rutinosídeo de açaí liofilizado (Euterpe oleraceae Mart. por CLAE

    Ana Cristina Miranda Senna Gouvêa

    2012-03-01

    Full Text Available Availability of analytical standards is a critical aspect in developing methods for quantitative analysis of anthocyanins. The anthocyanins cyanidin-3-O-glucoside and cyanidin-3-O-rutinoside were isolated from samples of freeze-dried açaí (Euterpe oleraceae Mart., which is a round and purple well-known palm fruit in Brazil, and then used as standards. The isolation of the anthocyanins was performed by High Performance Liquid Chromatography (HPLC, using an adapted six-channel selection valve. The identification of anthocyanin pigments in açaí was based on mass spectrometric data for molecular ions and MS-MS product ions and on previous published data. After the collection procedure, standards with a high purity grade were obtained and an external standard curve of each anthocyanin was plotted.Disponibilidade de padrões analíticos é um aspecto crítico no desenvolvimento de métodos de análises quantitativas de antocianinas. Para a obtenção dos padrões isolados de antocianinas cianidina-3-O-glicosídeo e cianidina-3-O-rutinosídeo foram utilizadas amostras liofilizadas de açaí (Euterpe oleraceae Mart., que é um conhecido fruto de palmeiras no Brasil de forma arredondada e roxo. O isolamento das antocianinas foi realizado por Cromatografia Líquida de Alta Eficiência (CLAE, utilizando uma válvula seletora de seis canais. A identificação de antocianinas no açaí foi baseada em dados publicados na literatura e por espectrometria de massas. Após a coleta, padrões com um alto grau de pureza foram obtidos e uma curva para padronização externa de cada antocianina foi feita.

  20. Isolados 'como nós' ou isolados 'entre nós'?: a polêmica na Academia Nacional de Medicina sobre o isolamento compulsório dos doentes de lepra Isolated 'like us' or isolated 'among us'?: the controversy within the National Academy of Medicine over compulsory isolation of leprosy sufferers

    Vivian da Silva Cunha

    2010-12-01

    Full Text Available Da forma como a lepra era percebida na sociedade brasileira do início do século XX, a segregação dos doentes era vista como o único modo de proteger os sãos. A política praticada pela Inspetoria de Profilaxia da Lepra e das Doenças Venéreas privilegiava o isolamento em leprosários. Belisário Penna, crítico à atuação desta Inspetoria, defendia que a melhor forma de isolar os doentes seria através da criação de municípios geograficamente distantes dos centros urbanos. Em 1926, instaurou-se uma polêmica entre Penna e Eduardo Rabello, ex-chefe da Inspetoria, sobre esse tema. Essa polêmica se configurou como parte de um debate mais geral sobre a melhor forma de se controlar a lepra, e nos permite entender as mudanças ocorridas na década de 1930 acerca das políticas implementadas contra a doença.Given Brazilian society's view of leprosy in the early twentieth century, patient segregation was considered the only way to protect the healthy. The policy enforced by the Inspectorship for the Prevention of Leprosy and Venereal Diseases deemed isolation in leprosaria the preferred approach. Belisário Penna criticized the work of the Inspectorship, arguing that the best way to isolate patients would be to create municipalities located a good distance from urban centers. In 1926, Penna came head to head over the subject with Eduardo Rabello, the Inspectorship's former chief. Part of a broader debate on the best way to control leprosy, this controversy sheds light on the changes to leprosy policies introduced in the 1930s.

  1. Utilidade do Ultrassom intracardíaco no isolamento de veias pulmonares usando cateter-balão a laser Utilidad del ultrasonido intracardíaco en el aislamiento de venas pulmonares usando catéter-balón láser Utility of intracardiac ultrasound imaging to guide pulmonary vein ablation using laser balloon catheter

    Luiz Leite

    2009-12-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: O isolamento das veias pulmonares (IVP tem sido usado como endpoint para a ablação da fibrilação atrial (FA com cateter balão. OBJETIVO: Determinar a utilidade do ultrassom intracardíaco (USIC para guiar o IVP, usando cateter balão a laser. MÉTODOS: 59 VP foram ablacionadas em 27 cães. Imagens de Doppler foram usadas para identificar os vazamentos do fluxo sanguíneo entre a VP e o balão. Após cada liberação de energia, o cateter de mapeamento circular foi reposicionado para verificar se o isolamento tinha sido obtido. A posição de vazamento foi então correlacionada com a posição do gap no estudo patológico. A análise de regressão logística multivariada foi realizada. RESULTADOS: Cinquenta e nove VP foram submetidas à ablação. O tempo médio de energia liberada foi de 279±177 seg., o diâmetro médio do balão era de 23±3 mm, e o comprimento médio do balão era 25±4 mm. O isolamento completo foi obtido em 38/59 (64%, e foi significantemente mais comum sem vazamento: [30/38 (79% versus 8/23 (35%, pFUNDAMENTO: Se usó el aislamiento de las venas pulmonares (AVP como endpoint para la ablación de la fibrilación atrial (FA con catéter-balón. OBJETIVO: Determinar la utilidad del ultrasonido intracardíaco (USIC para guiar el AVP, usando catéter-balón láser. MÉTODOS: Se ablacionaron 59 VP en 27 perros. Se usaron imágenes de Doppler para identificar los derrames del flujo sanguíneo entre la VP y el balón. Tras cada liberación de energía, se reposicionó el catéter de mapeamiento circular para verificar si se obtuvo el aislamiento. Se correlaccionó, entonces, la posición del derrame con la posición del gap en el estudio patológico. Se realizó el análisis de regresión logística multivariada. RESULTADOS: Se sometieron 59 VP a la ablación. El tiempo promedio de energía liberada fue de 279±177 seg., el diámetro promedio del balón era de 23±3 mm, y la largura promedio del balón era 25±4 mm

  2. OPTIMIZACIÓN DEL AISLAMIENTO TÉRMICO DE UNA CUBIERTA TRANSPARENTE DE UN SECADOR HÍBRIDO DE Guadua angustifolia OTIMIZAÇÃO DE ISOLAMENTO TÉRMICO DE UMA TAMPA TRANSPARENTE DE SECADOR HÍBRIDO DE Guadua angustifolia THERMAL INSULATION OPTIMIZATION OF A TRANSPARENT COVER FROM HYBRID DRYER OF Guadua angustifolia

    Carlos Alberto Orozco

    2011-12-01

    Full Text Available El principal problema que tiene un secador solar híbrido (solar asistido con gas o electricidad son sus costos de operación por consumo de energía. Para ello se determinó el espesor óptimo de aire confinado en la cubierta plástica el cual actúa como aislamiento térmico, se calculó el coeficiente global de transferencia de calor 'U', se estimó la potencia de la fuente externa la cual fue de 1,8 kW y se encontró que el consumo de energía es aproximadamente 5,35 veces menos que la potencia del secador híbrido con cubierta sencilla. El concepto es aplicable a cualquier tipo de secador solar, solar-asistido o cualquier invernadero para el sector agroindustrial.0 principal problema con um secador solar híbrido (solar-gás assistido ou com electricidade são os custos operacionais para o consumo de energia. Para este fim a pesquisa determinou a espessura ideal de ar confinado na tampa de plástico (duas carnadas que atua como isolamento térmico, foi calculada a taxa global de transferencia de calor 'U' e estimada pela alimentação externa de 1,8 kW e descobriu que o consumo de energía é de cerca de 5,35 vezes menor do que a potência do secador revestido híbrido simples. 0 conceito é aplicável a qualquer tipo de secador solar, solar assistida ou qualquer tampa plástica no seitor agrícola.In a solar hybrid dryer (solar assisted gas or electricity its main problem is to minimize its operational costs due to energy consumption. For this, was determined the optimum thickness of air confined in the plastic cover as thermal isolation, was calculated overall coefficient of heat transfer 'U', and was estimated the power of the external source which was of 1,8 kW and found that energy consumption is approximately 5,35 times less than the power of the hybrid dryer with single plastic deck. The concept is applicable to any type of solar dryer, solar-assisted or any greenhouse in agroindustrial area.

  3. Evidência do cão como reservatório da leptospirose humana: isolamento de um sorovar, caracterização molecular e utilização em inquérito sorológico Evidence of dog as a reservoir for human leptospirosis: a serovar isolation, molecular characterization and its use in a serological survey

    Claudiomar Soares Brod

    2005-08-01

    Full Text Available A leptospirose canina é conhecida como enfermidade de Stuttgard desde 1898, sendo os cães, depois dos roedores, considerados como a segunda principal fonte de infecção para o homem. O isolamento de um sorovar patogênico da urina de um cão, laboratorial e clinicamente identificado como tendo leptospirose, e sua utilização para testar amostras de soro de casos de leptospirose humana e canina, evidenciou a sua importância no ecossistema da região sul do Brasil. Os resultados do teste de soroaglutinação microscópica indicaram que 100% das amostras de soro humano de 12 pacientes do banco de soro de 2001 do Centro de Controle de Zoonoses, que haviam reagido com títulos que variaram de 25 a 3.200 para o sorovar canicola, e 72% das amostras de 105 soros caninos do mesmo banco de soro, também reagiram contra o novo isolado. O título médio e mediana dos soros humanos testados com a bateria de antígenos recomendada pela OMS, foi respectivamente 630 e 100, ao passo que os testados com o isolado foi de 1.823 e 400. Nos soros caninos, os títulos foram respectivamente de 347 e 100 para a bateria e de 1.088 e 200 para o isolado.Canine leptospirosis has been known as Stuttgart disease since 1898, and dogs are considered to be the second principal source of infection in man. The isolation of a pathogenic serovar from dog urine that was diagnosed clinically and laboratorial as having leptospirosis and its utilization to test serological samples of human and canine cases of leptospirosis, has demonstrated its importance to the ecosystem of the southern region of Brazil. The results of the serological microscopic agglutination test indicated that 100% of human serum samples from 12 patients from the serum bank of 2001 at the Center for Control of Zoonoses, that had titers between 25 and 3,200 with the canicola serovar, and 72% of 105 canine serum samples from the same serum bank, also reacted with the new isolate. The mean and median titers of the

  4. Isolation of Streptococcus spp from nile tilapia (Oreochromis niloticus and quality of water in hapas nets in North Region of Parana State, Brazil/ Isolamento de Streptococcus spp de tilápias do nilo (Oreochromis niloticus e qualidade da água de tanques rede na Região Norte do Estado do Paraná, Brasil

    Aleksey Machado Moreno

    2003-05-01

    Full Text Available This study evaluated 12 intensive breed of Nile tilapia (Oreochromis niloticus in four properties localized in the north of Parana State, Brazil. In the period of 13 months, 71 fishes were collected and analyzed of hapas nets that presenting morbidity and mortality of tilapias. Parallel, to evaluate the quality of the water of these hapas nets, there was measured the temperature, dissolved oxygen, pH, alkalinity, nitrite and ammonia. Of the 71 fishes, were collected 220 biological samples. 17 (23.94% fishes were positive for Streptococcus spp. Of the 53 biological samples from 17 fishes, in 24 (45.28% were isolated streptococci. The main clinical signs and macroscopic lesions in the fishes with isolation of Streptococcus spp. were hepatomegaly and splenomegaly, skin lesion and base of the fins and exoftalmia with cornea opacity. The higher incidence of infections caused by streptococci happened in the months with higher temperatures, mainly in the transition period winter for spring. The values of dissolved oxygen, pH, alkalinity, nitrite and ammonia of the water were normal.Foram estudados doze tanques-rede de quatro propriedades de criação intensiva de tilápia do Nilo (Oreochomis niloticus da região Norte do Paraná, Brasil. No período de 13 meses foram analisados 71 peixes provenientes de tanques apresentando morbidade e mortalidade de tilápias. Paralelamente, para avaliar a qualidade da água destes tanques, foi medida a temperatura, oxigênio dissolvido, pH, alcalinidade, nitrito e amônia. Dos 71 peixes, foram coletadas 220 materiais biológicos. Em 17 (23.94% peixes foram isolados Streptococcus spp e dos 53 materiais biológicos provenientes destes peixes, 24 (45.28% apresentaram Streptococcus spp. Os principais sinais clínicos e lesões macroscópicas nos peixes com isolamento de Streptococcus spp foram hepatomegalia e esplenomegalia, lesão de pele e base das nadadeiras e exoftalmia com opacidade de córnea. O maior número de

  5. Isolation, identification and physiological study of Lactobacillus fermentum LPB for use as probiotic in chickens Isolamento, identificação e estudos fisiológicos de Lactobacillus fermentum LPB para uso como probiótico em frangos de corte

    Elizete de F. Reque

    2000-10-01

    Full Text Available Studies were carried out to isolate and identify microorganisms for probiotic use for chickens. Selection of strains included various criteria such as agreement with bio-safety aspects, viability during storage, tolerance to low pH/ gastric juice, bile, and antimicrobial activity. The strains were isolated from the crop, proventriculus, gizzard, ileum and caeca of chicken. Decimal dilution of the contents of these segments were mixed with MRS medium and incubated for 48 h at 37°C under anaerobiosis. The identity of the culture was based on characteristics of lactobacilli as presented in the Bergey’s Manual of Determinative Bacteriology, carrying out bacterioscopy (morphology, Gram stain, growth at 15 and 45°C, and fermentation of different carbon sources. Based on these criteria, Lactobacillus fermentum LPB was identified and tested for probiotic use for chickens. The isolate was evaluated for poultry feeds supplement. The results showed that in comparison to the presence and effects of antibiotics, L. fermentum LPB implantation resulted in a similar effect as that of antibiotics manifested by feed efficiency in growth of chicks.O nosso trabalho teve como proposta o isolamento e identificação de microrganismos para uso como probiótico em aves. As espécies foram selecionadas de acordo com aspectos de biosegurança, viabilidade durante a estocagem, tolerância a pH baixo, suco gástrico, bile e atividade antimicrobiana. As espécies foram isoladas do papo, proventrículo, moela, íleo e ceco de frango. Os conteúdos destes segmentos foram diluídos e semeados em meio MRS e incubados por 48 h a 37°C em anaerobiose. A identificação das culturas foi realizada de acordo com as características de Lactobacillus presentes no Manual Bergey’s, como bacterioscopia (morfologia, coloração de Gram, crescimento a 15 e 45°C e fermentação de diferentes fontes de carbono. Baseado nestes critérios Lactobacillus fermentum LPB foi identificado e

  6. Detecção de riquétsias em carrapatos do gênero Amblyomma (Acari: Ixodidae coletados em parque urbano do município de Campinas, SP Rickettsiae detection in Amblyomma ticks (Acari: Ixodidae collected in the urban area of Campinas city, SP

    Dora Amparo Estrada

    2006-02-01

    Full Text Available O Município de Campinas situa-se em região endêmica para febre maculosa brasileira do Estado de São Paulo, onde vários casos desta doença vem ocorrendo. Capivaras têm sido associadas ao ciclo dessa riquetsiose por apresentarem sorologia positiva e serem hospedeiras de carrapatos Amblyomma spp principais vetores da doença. Carrapatos foram coletados no parque urbano do Lago do Café, Campinas, SP, local associado a casos humanos suspeitos de febre maculosa brasileira, sobre a vegetação e das capivaras ali presentes, e pesquisados quanto à presença de riquétsias pela reação em cadeia da polimerase e pelo teste de hemolinfa. Adultos de Amblyomma cajennense e Amblyomma cooperi albergavam Rickettsia bellii, não patogênica, identificada pela análise das seqüências de nucleotídeos do gene gltA, porém, não foram constatadas riquétsias do Grupo da Febre Maculosa. Estes resultados associados à ausência de um isolado de riquétsias do Grupo da Febre Maculosa de capivaras indicam que seu papel, enquanto reservatório, necessita de maior investigação.The city of Campinas is located in an endemic area for brazilian spotted fever in São Paulo State, where several cases have recently occurred. Capybaras have been associated with the cycle of this disease, for they present positive serology and serve as host for ticks of the genus Amblyomma, the main vectors of brazilian spotted fever. Ticks were colleted both from Capybaras and from the vegetation in the city park Lago do Café, located in the urban area of Campinas city, SP, a site associated with suspected human cases of brazilian spotted fever. The ticks collected were examinaded for the presence of rickettsiae using polymerase chain reaction and the haemolymph test. Through analysis of the gene gltA nucleotide sequence, adults of Amblyomma cajennense and Amblyomma cooperi were found to be infected with the non pathogenic Rickettsia bellii. However, no rickettsiae of the spotted

  7. Febre amarela: orientações de enfermagem à saúde dos viajantes em unidades básicas de saúde Fiebre Amarilla: orientaciones de enfermería a la salud de los viajantes en unidades básicas de salud Yellow Fever: nurse counseling on travelers' health at basic health clinics

    Anna Paula Mallet

    2010-06-01

    Full Text Available Estudo qualitativo, exploratório-descritivo, com objetivo de investigar as práticas de enfermagem para a orientação à saúde dos viajantes, tendo-se coletado dados junto a profissionais de enfermagem que atuam no setor de imunização de três Unidades Básicas de Saúde em Porto Alegre, Rio Grande do Sul, utilizando-se a técnica de entrevista semi-estruturada. Da análise de conteúdo emergiram cinco categorias: perfil de atendimento, orientação à saúde, encaminhamentos para troca do Cartão Nacional de Vacinação pelo Certificado Internacional de Vacinação, fonte de informações e material informativo. Os resultados sinalizam o início de uma organização das práticas de enfermagem voltadas para a saúde dos viajantes, indo além do enfoque na febre amarela. Falhas nas orientações para aquisição do Certificado Internacional de Vacinação ainda ocorrem e faltam materiais informativos. Aponta-se a necessidade de ampliar as discussões sobre a saúde dos viajantes para uma revisão das estratégias de organização desse cuidado e encaminhamentos para a construção de uma política específica.Estudio cualitativo, exploratorio-descriptivo, con objetivo de investigar las prácticas de enfermería para la orientación a la salud de los viajantes, tras la recolección de datos junto a profesionales de enfermería que actúan en el sector de inmunización de tres Unidades Básicas de Salud en Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil, utilizando la técnica de entrevista semiestructurada. A partir del análisis de contenido emergieron cinco categorías: perfil de atendimiento, orientación a la salud, encaminamientos para cambio de Tarjeta Nacional de Vacunas por el Certificado Internacional de Vacunas, fuente de informaciones y material informativo. Los resultados señalan el principio de una organización de las prácticas de enfermería volcadas hacia la salud de los viajantes, yendo más allá del enfoque en la fiebre amarilla

  8. Legionelose associada a pneumopatias em São Paulo: estudo da comprovação etiológica por isolamento e sorologia Legionellosis associated to pneumopaties in São Paulo: etiological confirmation by means of isolations and sorology

    Neusa Augusta de Oliveira Mazieri

    1993-02-01

    Full Text Available A presença de Legionella sp como patógeno atuante em nosso país não fora bem documentada, embora a literatura refira a importância deste agente em grande número de países. O presente trabalho teve como objetivo a detecção do microrganismo ou evidenciar sua resposta imunológica em pacientes portadores de pneumopatias infecciosas na cidade de São Paulo. Para tanto foi introduzida metodologia laboratorial específica para o cultivo e identificação do agente e aplicada reação sorológica para verificação de níveis de anticorpos correspondentes. Foram estudados pacientes de 2 centros universitários em São Paulo, correspondentes a 100 do Hospital Universitário U.S.P. com pneumopatias infecciosas em geral e 100 do Hospital das Clínicas F.M.U.S.P. com pneumopatias infecciosas previamente selecionados para afastar outras etíologias bacterianas e dentre estes 30 pertencentes a Unidade de Transplante Renal. O material biológico destinado ao cultivo de Legionella sp foi constituído por: escarro, secreção traqueal, líquido pleural, lavado brônquico ou biópsia de tecido pulmonar. As tentativas de isolamento do agente foram realizadas em meio de BCYE com e sem antibióticos, a identificação das colônias, foram realizadas através de provas de crescimento em placas de BCYE sem cisteína, provas bioquímicas, imunofluorescência direta e soroaglutinação em lâmina. A pesquisa do agente em material biológico foi realizado pelo método de imunofluorescência direta. A pesquisa de anticorpos específicos para Legionella pneumophila sorogrupo 1 foi efetuada pela reação de imunofluorescência indireta. Procedeu-se ainda a estudo sorológico nos comunicantes de pacientes com legionelose para evidenciar possível transmissão do agente. Em 2 casos obteve-se isolamento em cultura e em 4 casos, somente reação de imunofluorescência direta positiva para L. pneumophila sorogrupo 1, à partir do material biológico, representando um

  9. The toxicology of Octopus maculosa: the blue-ringed octopus.

    Bonnet, M S

    1999-10-01

    The biotoxicology of the Australian blue-ringed octopus is detailed with the view of introducing it as a remedy into the homoeopathic Materia Medica and stimulating the second step of proving this venom.

  10. Morfologia e morfometria do oviduto de codornas Nothura maculosa Morphology and morphometry of Nothura maculosa quail oviduct

    Carime Moraes

    2007-02-01

    Full Text Available Este estudo teve por finalidade descrever o oviduto de codornas. Foram utilizadas 20 codornas na fase reprodutiva. Avaliaram-se os comprimentos do infundíbulo, do magno, do istmo, do útero, da vagina e o número de pregas no magno e no istmo. Para o estudo histológico, coletaram-se fragmentos do oviduto, os quais foram fixados em Bouin, destinados à rotina histológica e corados pela técnica de Hematoxilina-Eosina. O infundíbulo apresentou pregas longitudinais e oblíquas, revestidas por epitélio pseudo estratificado cilíndrico ciliado não-secretor, cranialmente, e secretor, caudalmente. O magno é o componente mais longo (15,2cm, com mucosa revestida por epitélio pseudo estratificado cilíndrico ciliado com células caliciformes. O istmo é um segmento curto, com pregas reduzidas, compostas por estruturas histológicas semelhantes ao magno. O útero é uma região de parede pregueada, com glândulas tubulares enoveladas. A vagina é um estreito tubo com musculatura espessa. O oviduto da codorna apresentou sua morfologia semelhante ao dos galiniformes, como a galinha e a perua.This study was aimed at describing the quail oviduct. Twenty quails in the reproductive phase were used. Lengths of the infundibulum, magnum, isthmus, uterus, vagina, and the number of folds of magnum and isthmus were evaluated. For the histological study, fragments of the oviduct were collected, fixed in Bouin, destined to the histological routine and stained by Hematoxilin-Eosine technique. The infundibulum presented longitudinal and oblique folds, covered with ciliated, columnar pseudostratified epithelium, nonglandular cranially, and glandular, caudally. The magnum is the longest component (15.2cm, with mucous membrane covered with ciliated, columnar pseudostratified epithelium with goblet cells. The isthmus is a short segment with reduced folds, composed by histological structures similar to the magnum. The uterus is an area of folded wall, with reeled tubular glands. The vagina is a strait tube with thick musculature. The quail oviduct presented morphology similar to the chicken and the turkey.

  11. Isolamento e identificação de fungos micorrízicos rizoctonióides associados a três espécies de orquídeas epífitas neotropicais no Brasil Isolation and identification of rhizoctonia-like mycorrhizal fungi associated to three neotropical epiphytic orchid species in Brazil

    Olinto Liparini Pereira

    2005-04-01

    Full Text Available Distúrbios causados pelo homem têm resultado no aumento do risco de extinção de diversos táxons de orquídeas nativas da Mata Atlântica no Brasil. Na natureza, orquídeas utilizam obrigatoriamente fungos endomicorrízicos para a germinação de sementes e desenvolvimento da plântula, ao menos nos primeiros estádios do seu ciclo de vida. Assim, fungos micorrízicos associados ao sistema radicular de orquídeas nativas vêm sendo isolados, caracterizados e armazenados para uso em futuros programas de conservação de espécies de orquídeas, por meio da germinação simbiótica. Três isolados de fungos micorrízicos rizoctonióides foram obtidos do sistema radicular de três espécies de orquídeas neotropicais, Gomesa crispa, Campylocentrum organense e Bulbophyllum sp., de três diferentes fragmentos de Mata Atlântica no Brasil. Estudos taxonômicos, baseados na condição nuclear, morfologia da hifa vegetativa e ultra-estrutura do septo dolipórico, revelaram que os isolados pertencem aos gêneros Ceratorhiza e Rhizoctonia. Esse é o primeiro relato do isolamento de fungos micorrízicos associados ao sistema radicular dessas espécies de orquídeas neotropicais. Aspectos relativos à taxonomia e ao uso desses isolados no contexto de um programa de conservação de orquídeas nativas são discutidos.Anthropogenic disturbances have resulted in an increased threat of extinction of many native orchid taxa in Brazil's Atlantic rain forest. In nature, orchids utilize mycorrhizal fungi to initiate seed germination and seedling development, at least in the early stages of their life cycle. Mycorrhizal fungi associated with the roots of orchids have thus been isolated, characterized and stored as important resources for a future conservation program of orchid species through symbiotic seed germination. Three mycorrhizal Rhizoctonia-like fungi were isolated from roots of three neotropical orchid species Gomesa crispa, Campylocentrum organense

  12. Isolamento de Salmonella enterica em gambás (Didelphis aurita e Didelphis albiventris do Estado de São Paulo, Brasil Isolation of Salmonella enterica in opossum (Didelphis aurita and Didelphis albiventris of the São Paulo State, Brazil

    Renata Assis Casagrande

    2011-03-01

    Full Text Available No Brasil, não há relato de estudos de Salmonella em gambás, sendo assim, este trabalho tem por objetivo determinar a frequência de isolamento de Salmonella enterica em gambás (D. aurita e D. albiventris no Estado de São Paulo. No período de janeiro de 2005 a dezembro de 2006, foram necropsiados 106 D. aurita e 40 D. albiventris e colhidos fragmentos de intestinos delgado, grosso e suabe da cloaca. As amostras foram plaqueadas diretamente em ágar Mac Conkey, paralelamente suspendidas nos caldos Rappaport-Vassiliadis e Tetrationato e posteriormente plaqueados em ágar XLT4. As colônias sugestivas de Salmonella foram confirmadas através de provas bioquímicas e sorotipagem. Encontrou-se Salmonella enterica em 17,0% (18/106 dos D. aurita. Destes, 50% apresentaram positividade no intestino delgado (ID, 88,9% no intestino grosso (IG e 66,7% na cloaca. Da espécie S. enterica, as subespécies encontradas foram: diarizonae (11,1% houtenae e enterica (5,5% cada um; enquanto da subespécie S. enterica enterica os sorotipos foram Newport (83,3%, Typhimurium e Cerro (5,5% cada um. Nos D. albiventris, 17,5% (7/40 eram positivos, sendo que se encontraram 42,8% no ID, 85,7% no IG e 71,4% na cloaca. O sorotipo mais prevalente também foi Newport (71,4%, seguido por Typhimurium, Bareilly e Thompson (14,3% cada um. Através dos resultados obtidos neste estudo pode-se comprovar a presença de Salmonella enterica no trato intestinal de gambás no Brasil.In Brazil there is not report of Salmonella in opossum, so then, the objective of this study is to determine the isolation frequency of Salmonella enterica in opossum in São Paulo State, Brazil. From January 2005 to December 2006, 106 D. aurita and 40 D. albiventris were necropsied and samples from small and large intestine and cloacal swab were collected. These samples were submitted to direct plating in Mac Conkey agar and parallel suspension in Rappaport-Vassiliadis and Tetrationate broths with

  13. Escherichia coli verotoxigênica: isolamento e prevalência em 60 propriedades de bovinos de leite da região de Pelotas, RS, Brasil Verotoxin-producing Escherichia coli: isolation and prevalence in 60 dairy cattle farms from Pelotas-RS, Brazil

    Cecília Nunes Moreira Sandrini

    2007-02-01

    Full Text Available A produção de verotoxinas foi investigada em 1.127 isolamentos de Escherichia coli feitos a partir de 243 bovinos de leite, de água de consumo humano e animal e de amostras de leite de 60 propriedades da bacia leiteira de Pelotas, no período de dezembro de 1999 a dezembro de 2000, com o objetivo de determinar a prevalência de E. coli verotoxigênicas (VTEC nas propriedades e no rebanho, de detectar a presença de sorotipos ligados a infecções humanas e de identificar, nas propriedades e na região de Pelotas, potenciais fatores de risco de infecção para os animais. A detecção das toxinas em sobrenadante de culturas de E. coli isoladas foi realizada através do ensaio de citotoxicidade em células Vero. VTEC foi isolada em 95% (57/60 das propriedades estudadas, em 49% (119/243 dos animais testados, em 5% (3/60 das amostras de água de consumo humano, em 8,35% (5/60 das amostras de água de consumo animal e em 5% (3/60 das amostras de leite. A prevalência de bovinos infectados em cada propriedade variou de 0 a 100%. Em 2,9% (7/243 dos animais testados, foram isoladas VTEC pertencentes aos sorogrupos O157, O91 e O112, que incluem cepas responsáveis por casos de colite hemorrágica e síndrome urêmica hemolítica em humanos. Fatores de risco de contaminação, como a precipitação pluviométrica, a temperatura, o tamanho da propriedade e a concentração de animais, apresentaram evidências de influenciarem a prevalência de VTEC nos animais. Estes resultados sugerem que o grupo VTEC está amplamente distribuído na bacia leiteira de Pelotas e inclui organismos pertencentes a sorogrupos patogênicos para humanos.The production of verotoxin was investigated in 1127 Escherichia coli isolated from 243 dairy cattle, water for human and animal consumption, and milk samples from 60 dairy farms from Pelotas-Brazil, from December of 1999 to December of 2000, to determine the prevalence of verotoxigenic E. coli (VTEC in farms, to detect the

  14. Detection of Salmonella sp. from porcine origin: a comparison between a PCR method and standard microbiological techniques Detecção de Salmonella sp. em amostras de origem suína: comparação entre a técnica da Reação em Cadeia da Polimerase e o isolamento bacteriano convencional

    Sandra Maria Ferraz Castagna

    2005-12-01

    Full Text Available The aim of this study was to compare a polymerase chain reaction (PCR method combined with selective enrichment in Rappaport-Vassiliadis broth (PCR-RVB with standard microbiological techniques (SMT for the generic detection of Salmonella in samples of porcine origin. Two hundred sixty eight field samples consisting of 42 sets of pooled porcine mandibular lymph nodes and tonsils, 44 samples of intestinal content, 38 pork sausage meat samples and 144 samples of feed collected from swine farms were submitted to the PCR-RVB and SMT protocols. Salmonella was detected in 54 samples using the PCR-RVB assay and in 42 samples by SMT, three of the SMT Salmonella-positive samples (one each of S. Derby, S. Panama and S. Typhimurium being Salmonella-negative by PCR-RVB. For the PCR-RVB method 15 Salmonella-positive samples were negative by SMT, a significant difference according to the Mac Nemar's chi-squared test (p=0.0153. Subsequent serological typing of the SMT isolates showed the following Salmonella serovars, the number of positive samples being given in parentheses: Typhimurium (12; Bredeney (10; Panama (5; Saint-paul (5; Minnesota (3; Mbandaka (2; Derby (1; Enteritidis (1; Orion (1 and Salmonella sp. (2. We concluded that, although the use of both PCR-RVB and SMT increased the number of positive samples, the PCR-RVB, due to its higher sensitivity and greater speed in giving results, can be implemented to detect Salmonella in samples of porcine origin.O objetivo desse estudo foi comparar um método de Reação em Cadeia da Polimerase (PCR combinado com enriquecimento seletivo em caldo Rappaport-Vassiliadis (PCR-RVB com as técnicas de isolamento bacteriano convencional (SMT para a detecção do gênero Salmonella em amostras de origem suína. Duzentas e sessenta e oito amostras de campo, compostas por: 42 "pools" de linfonodos mandibulares e tonsilas, 44 amostras de conteúdo intestinal, 38 amostras de massa de embutidos e 144 amostras de ra

  15. Isolamento e seleção de fungos causadores da podridão-branca da madeira em florestas de Eucalyptus spp. com potencial de degradação de cepas e raízes Isolation and screening of wood white rot fungi from Eucalyptus spp. forests with potential for use in degradation of stumps and roots

    Sandra Kunieda de Alonso

    2007-02-01

    Full Text Available Este trabalho objetivou isolar fungos causadores da podridão-branca da madeira, a partir de basidiocarpos e de fragmentos de madeira de eucalipto coletados em várias regiões do país, bem como testar seu potencial de degradação de cepas e raízes mortas em plantios comerciais de eucalipto, após o corte raso. Para o isolamento dos fungos foi desenvolvido um meio de cultura de serragem de eucalipto-ágar. Dentre 292 isolados obtidos e submetidos ao teste de Bavendamm, 144 foram classificados como causadores de podridão-branca, capazes de produzir fenoloxidases. Dentre as nove relações C/N testadas, observou-se uma tendência de ocorrer maior degradação de cavacos naquelas iguais a 60 : 1, 200 : 1 e 300 : 1. Utilizando a relação C/N igual a 60 : 1, realizaram-se dois experimentos para avaliar a degradação de cavacos de Eucalyptus saligna por isolados fúngicos de podridão-branca. No primeiro experimento, avaliado aos 90 dias de incubação, foram selecionados sete isolados, que causaram perda de peso em cavacos superior ou igual à causada por Trametes versicolor, usado para comparação. No segundo experimento foram testados 46 isolados fúngicos. Dentre os mais eficientes estavam os sete isolados selecionados no primeiro teste, além de outros quatro isolados. Baseado na análise de DNA, seis isolados foram identificados, sendo três pertencentes à espécie Pycnoporus sanguineus, um ao gênero Peniophora sp., um ao gênero Pestalotiopsis sp. e um ao gênero Ganoderma sp.The aim of this work was to isolate native wood white-rot fungi from fungal fruit-bodies and eucalyptus wood fragments from different regions of Brazil and to test their potential for degrading dead stumps and roots in Eucalyptus plantings after harvest. Fungi isolates were obtained in a culture medium composed by Eucalyptus sawdust and agar. Among 292 isolates submitted to the Banvedamm test, 144 were classified as phenoloxidases producing isolates. Among nine C

  16. AISLAMIENTO Y CONTROL MICROBIOLÓGICO DE Leuconostoc mesenteroides, EN UN INGENIO PARA OPTIMIZAR EL RENDIMIENTO DE AZÚCAR Y ETANOL ISOLAMENTO E Leuconostoc Mesenteroides CONTROLE MICROBIOLÓGICO EM UM TALENTO PARA OTIMIZAR O DESEMPENHO DE AÇÚCAR E ETANOL ISOLATION AND MICROBIOLOGICAL CONTROL OF Leuconostoc mesenteroides, IN TO SUGAR REFINERY TO OPTIMIZE THE PERFORMANCE OF SUGAR AND ETHANOL

    RAÚL A CUERVO MULET

    2010-12-01

    (sacarose destruição causada pela ação de microorganismos companheiros da cana, urna das mais importantes Leuconostoc mesenteroides. Neste trabalho, determinou a inibição das bacterias do ácido lático L. mesenteroides isolada de uma usina de açúcar em Valle del Cauca utilização de microrganismos antagonistas. Para isso, isolados, e as culturas de L. mesenteroides de caldo de cana e bioquímicos realizados vários exames microbiológicos no laboratório para isolamento e identificação de cepas de Leuconostoc mesenteroides como as estirpes de bactérias antagônicas a ele. Apurou-se que as cepas do fungo Metharhizium sp, Trichoderma sp, foram mais eficientes no controle do crescimento de L. mesenteroides, mostrando porcentagem significativamente maior de inibição em relação ao fungos filamentosos Colletotrichum sp, Thichoderma viridae, Rhizoctonia sp; bacterias Bacillus subtilis y Serratia marcenses e leveduras Rhodothorula Rubra e Kloeckera japonic, não apresentou inibição do crescimento L. mesenteroides. Além disso, eles identificaram os fungos Aspergillus sp, Botrytis sp e Streptomyces sp usual antagonistas naturais presentes no caldo de cana de usina.Sugarcane (Saccharum officinarum L is squeezed to obtain juice after being purified and neutralized, allowed to crystallize the sugar. Considering the importance of sugar cane accounts for the sugar industry, it is necessary to increase the content of dextran-free sucrose (sucrose destruction caused by the action of microorganisms accompanying the cañe, one of the most important Leuconostoc mesenteroides. In this research we determined the inhibition of lactic acid bacteria L mesenteroides isolated from a sugar mill in Valle del Cauca using antagonist microorganisms. For this, isolates, and cultures of L. mesenteroides from cane juice and performed various bio-chemical and microbiological tests in the laboratory for isolation and identification of both strains of Leuconostoc mesenteroides as the

  17. EFFICIENCY OF THE ENRICHMENT BROTHES (LEB1 AND LEB2 AND SELECTIVE AGARS (LPM AND LSAB-CAN TO ISOLATE BACTERIA OF THE GENUS Listeria IN MEAT AND RESIDUAL WATER OF WASHING CARCASS EFICIÊNCIA DOS CALDOS DE ENRIQUECIMENTO (LEB1 E LEB2 E DOS ÁGARES SELETIVOS (LPM E LSAB-CAN NO ISOLAMENTO DE BACTÉRIAS DO GÊNERO Listeria EM CARNE BOVINA E ÁGUA RESIDUÁRIA DE LAVAGEM DE CARCAÇA

    Albenones José de Mesquita

    2007-09-01

    Full Text Available

    In this paper it was observed the efficiency of enrichment brothes for Listeria (LEB1 and LEB2, associated to the passage of the culture through a 0.25% potassium hidroxide solution, verifying that the secondary enrichment broth (LEB2 and LEB2KOH was better than the primary enrichment broth (LEB1KOH for this purpose. On the other hand, lithium chloride-phenylethanol-moxalactam agar and the selective Listeria agar base, supplemented with cicloheximide, acriflavine and nalidixic acid (LSAIB-CAN showed equivalency, at the statistic point of view (p=0.l442, in relation to the number of positive samples for Listeria spp., although the LSAB-CAN agar had given the greatest number of bacteria isolated from this genus.

    KEY-WORDS: Listeria; enrichment broth; selective agar.

    No presente trabalho verificou-se a eficiência dos caldos de enriquecimento para Listeria (LEB1 e LEB 2 associados à passagem da cultura por uma solução de hidróxido de potássio a 0,25%, constatando-se que o caldo de enriquecimento secundário (LEB2 e LEB2KOH foi superior ao caldo de enriquecimento primário (LEB1KOH. Por outro lado, o ágar cloreto de lítio-feniletanol-moxalactam (LPM e o ágar base seletivo para Listeria, suplementado com cicloheximida, acriflavina e ácido nalidíxico (LSAB-CAN equivaleram-se estatisticamente (p= 0,l442 em relação ao número de amostras positivas para Listeria, embora o ágar LSAB-CAN tenha proporcionado um maior número de isolamentos da bactéria.

    PALAVRAS-CHAVE: Caldo de enriquecimento; ágar seletivo; Listeria.

  18. Isolamento de coliformes, estafilococos e enterococos de leite cru provenientes de tanques de refrigeração por expansão comunitários: identificação, ação lipolítica e proteolítica Isolation of coliforms, staphylococci, and enterococci in raw milk from communitarian expansion refrigeration tanks: identification, lipolytic and proteolytic action

    Victor Maximiliano Reis Tebaldi

    2008-09-01

    Full Text Available O isolamento e a identificação de microrganismos em leite cru se tornam interessantes do ponto de vista de saúde pública, pois dependendo das espécies isoladas, ações direcionadas podem ser tomadas visando a melhoria de sua qualidade. A deterioração do leite é conseqüência sobretudo do crescimento de microrganismos psicrotróficos, que produzem lipases e proteases termoestáveis que não são desnaturadas durante o processo de pasteurização, conferindo sabores e odores rançoso e amargo, respectivamente. Assim, o objetivo deste trabalho foi isolar e identificar os principais gêneros de bactérias pertencentes à família Enterobacteriaceae, Gram-negativas oxidase positiva, gêneros Staphylococcus e Enterococcus, bem como atividade de lipases e proteases de 16 propriedades rurais do município de Boa Esperança-MG. As bactérias Gram-negativas foram isoladas em ágar eosina azul de metileno (EMB e ágar Entérico Hektoen. Estafilococos foram isolados em ágar Baird-Parker e Enterococcus em ágar KF. Colônias de interesse foram coletadas e submetidas à coloração de Gram, e às provas de catalase e oxidase. Após esses procedimentos, os isolados selecionados foram identificados utilizando-se Bactray I, II e III; Api 20 Strep; e provas sugeridas pelo Bergey's Manual of Determinative Bacteriology. A identificação sorológica de Enterococcus foi realizada utilizando-se Prolex. O leite oriundo das 16 propriedades continha cepas de microrganismos fecais como Escherichia coli e Enterococcus do grupo D de Lancefield. Bactérias Gram-negativas oxidase positiva foram identificadas em cinco propriedades. Staphylococcus foram encontrados em 10 propriedades. O leite coletado nas fazendas investigadas possui microrganismos que comprometem sua qualidade. Todos os grupos de microrganismos testados revelaram atividades de lipase e protease.Isolation and identification of microorganisms in raw milk is interesting from the viewpoint of public

  19. Pancreatic islet isolation by mechanical-enzymatic separation, stationary collagenase digestion and dextran discontinuous density gradient purification: experimental study in dogs Isolamento das ilhotas pancreáticas pela separação mecânica-enzimática digestão estacionária com colagenase e purificação com gradiente de densidade descontínua de dextran: estudo experimental em cães

    Jaques Waisberg

    2002-04-01

    Full Text Available The prospects for allotransplantation of pancreatic islets in man depend on the development of methods that provide sufficient quantities of pancreatic islets from a single donor, which are capable, when transplanted, of achieve the normalization of carbohydrate metabolism. Objective: Evaluate the efficacy of the isolation of Langerhans islets from dogs, by means of mechanical-enzymatic separation technique with stationary digestion using collagenase, and purification with a discontinuous dextran density gradient. Methods: The counting of islet numbers and evaluation of their sizes was accomplished by staining with diphenylthiocarbazone and using stereoscopic microscopes equipped with eyepiece reticule for the measurement of average diameters of stained islets. Results: The results disclosed that the average number of islets isolated was 81032.20 ± 24736.79 and the average number of islets isolated per kg of body weight was 6938.70 ± 1392.43. The average number of islets isolated per kg of body weight showed significant correlation with body weight and weight of the pancreas resected. Conclusion: The number of islets isolated, of a single donor, by mechanical-enzymatic separation, stationary collagenase digestion and discontinuous dextran density gradient purification can be sufficient to success of pancreatic islets transplant in dogs.A perspectiva do alotransplante de ilhotas pancreáticas no homem está na dependência do desenvolvimento de métodos que propiciem quantidades suficientes de ilhotas pancreáticas, originadas de doador único, capazes de, quando transplantadas, levarem à normalização do metabolismo dos hidratos de carbono. Objetivo: Avaliar, em cães, a eficácia do isolamento das ilhotas de Langerhans por meio da técnica de separação mecânica-enzimática, digestão estacionária com colagenase e purificação pelo gradiente de densidade descontínua de dextran. Métodos: A contagem do número e avaliação do tamanho

  20. 13 Febr. 1955. B. GD r . B. G emser , Hebreeuse Spraakkuns, JL van ...

    Test

    onder die paradigma is dit korrek gegee). Die herhalingsoefening na die werkwoord met laryngale en beginalef sal goeie diens doen om die student homself nogeens goed rekenskap te laat gee van die reëls betreffende die keelklanke. By die behandeling van die pe-nun verba mis ons die dikwels voorkomende emfatiese ...

  1. Paciente Psiquiátrico em Uso de Clozapina com Febre e Taquicardia

    Gustavo Costa Fernandes

    2010-04-01

    Discussão: A miocardite é um dos muitos potenciais efeitos adversos da clozapina e tem características semelhantes às produzidas pelo ajuste de dose normal da medicação, tornando-se um diagnóstico importante e perigosamente ignorado. Apesar de raros, os efeitos miocárdicos da clozapina podem ser bastante graves, levando ao óbito em alguns casos. Dessa forma, recomenda-se a realização de ECG pré e pós-tratamento e a suspensão da droga caso haja suspeita de acometimento cardíaco.

  2. Parasitismo humano por Rhipicephalus sanguineus sensu lato (ACARI: IXODIDAE no Mato Grosso do Sul, Centro-Oeste do Brasil

    Igor Cunha Lima Acosta

    2017-05-01

    Full Text Available O parasitismo humano pelo carrapato marrom do cão, Rhipicephalus sanguineus sensu lato (s. l., um importante parasita para a saúde pública e veterinária, é raramente relatado no continente americano. Este trabalho relata o registro de um macho de R. sanguineus s. l. parasitando um humano na cidade de Campo Grande, estado do Mato Grosso do Sul, no Centro-Oeste do Brasil. Essa observação é relevante para a saúde pública, uma vez que os carrapatos desse complexo são conhecidos como vetores de riquétsias do grupo da febre maculosa para cães e humanos.

  3. Eritema infeccioso: un exantema infantil a considerar en la práctica diaria Fifth disease or infectious erythema: a childhood rash to consider in the daily medical practice

    AD Pérez-Elizondo

    Full Text Available Se presenta el caso de un escolar con febrícula y leve ataque del estado general, quien desarrolla una erupción maculosa en mejillas, pocos días después un exantema en "encaje" o reticulado en tronco posterior y parte proximal de extremidades inferiores, compatible con la quinta enfermedad y confirmado por la morfología lesional característica y la inmuno-serología (IgM.We present a five years old child with a mild fever and malaise, a maculoedematous eruption on cheeks and a "lace" exanthema located on posterior aspect of the trunk and lower limbs, developed after a few days. A fifth disease was diagnosticated based on characteristic morphological presentation and immunoserological studies.

  4. OCORRÊNCIA DE Rhipicephalus sanguineus EM TRABALHADORES DE CLÍNICAS VETERINÁRIAS E CANIS, NO MUNICÍPIO DE GOIÂNIA, GO

    Lígia Miranda Ferreira Borges

    2006-10-01

    Full Text Available Rhipicephalus sanguineus é um parasito natural de cães que eventualmente pode parasitar outros hospedeiros, entre eles o homem. Para humanos, este carrapato é vetor do agente da febre botonosa (Rickettsia conori na Europa e vetor potencial no Brasil dos agentes da febre maculosa (Rickettsia rickettsii e da borreliose Lyme símile (Borrelia sp.. Considerando a importância deste carrapato, desenvolveu-se este trabalho com o objetivo de avaliar a sua ocorrência em humanos no Brasil, uma vez que não se conhecem outros relatos. A presença de carrapatos foi avaliada em 46 trabalhadores de ambos os sexos (25 mulheres e21 homens, de oito clínicas e três canis, por meio de questionário e da identificação dos carrapatos encontrados. Do total de pessoas avaliadas, 68% das mulheres e 71% dos homens relataram já ter encontrado carrapatos andando ou fixados, após contato com cães. Foram colhidos três larvas, uma ninfa e quatro adultos (três machos e uma fêmea sendo todos identificados como da espécie R. sanguineus. Desta forma este é o primeiro relato do parasitismo de humanos por este carrapato no Brasil. PALAVRAS-CHAVE: Carrapatos de cão, humanos, Brasil.

  5. Serological evidence of Rickettsia parkeri as the etiological agent of rickettsiosis in Uruguay Evidência sorológica de Rickettsia parkeri como agente etiológico de rickettsiose no Uruguai

    Ismael A. Conti-Díaz

    2009-12-01

    Full Text Available We report three new rickettsiosis human cases in Uruguay. The three clinical cases presented clinical manifestations similar to previous reported cases of Rickettsia parkeri in the United States; that is mild fever (São relatados três novos casos humanos de rickettsiose no Uruguai. Os três casos clínicos apresentam manifestações clínicas semelhantes às descritas em casos de infecção por Rickettsia parkeri previamente relatados nos Estados Unidos, tais como: febre moderada (< 40 ºC, mal-estar, cefaléia, exantema, escara de inoculação no sítio de fixação do carrapato, linfadenopatia regional e ausência de letalidade. Testes sorológicos de absorção de anticorpos com antígenos de R. parkeri e Rickettsia rickettsii, associados à reação de imunofluorescência indireta, sugerem que os pacientes de dois casos foram infectados por R. parkeri. Evidências clínicas e epidemiológicas, associadas com nossas análises sorológicas, sugerem que R. parkeri é o agente etiológico de casos humanos de febre maculosa no Uruguai, uma doença que tem sido reconhecida naquele país como rickettsiose cutâneo-ganglionar.

  6. Neither genotype nor the gastric colonization site of Helicobacter pylori are predictive factors for the development of erosive esophagitis in patients with peptic ulcer disease, 1 year after eradication O genótipo e o local no estômago de isolamento do Helicobacter pylori em pacientes com úlcera péptica não são fatores preditivos para o desenvolvimento de esofagite erosiva 1 ano após a erradicação da bactéria

    Carlos Alexandre Gonçalves Batista

    2009-09-01

    estômago de infecção pela bactéria, podem estar correlacionados com a prevenção ou desenvolvimento de esofagite. OBJETIVOS: Determinar a incidência de esofagite erosiva após a erradicação do H. pylori em pacientes com úlcera péptica e a sua associação com a virulência das cepas da bactéria e o local no estômago de seu isolamento. MÉTODOS: Um tratamento tríplice com lansoprazol, amoxicilina e claritromicina foi administrado a 159 pacientes com úlcera péptica. Endoscopia digestiva alta, exame histológico, teste rápido da urease e o teste respiratório de uréia com carbono-14 foram realizados antes, 3 meses e 1 ano após o tratamento. A genotipagem das cepas do H. pylori por meio de PCR foi realizada separadamente em amostras obtidas da mucosa do corpo e do antro gástricos. RESULTADOS: Um ano após o tratamento, 148 pacientes curados da infecção foram avaliados: 28 (19% apresentavam esofagite erosiva, 24 com grau A da classificação de Los Angeles e 4 com grau B. Nas amostras obtidas da mucosa do corpo gástrico, a citotoxina CagA foi positiva em 18 (64% pacientes com esofagite erosiva, enquanto que nas amostras obtidas do antro gástrico, a citotoxina CagA foi positiva em 21 (75%. CONCLUSÕES: A incidência de esofagite erosiva em pacientes com doença péptico-ulcerosa foi de 19%. Não houve correlação entre o local de isolamento no estômago ou as cepas CagA-positivas do H. pylori e a proteção ou o desenvolvimento de esofagite erosiva, em pacientes com úlcera péptica, 1 ano depois da erradicação da bactéria.

  7. Catechin-metal interactions as a mechanism for conditional allelopathy by the invasive plant, Centaurea maculosa

    Jarrod L. Pollock; Ragan M. Callaway; Giles C. Thelen; William E. Holben

    2009-01-01

    Considering variation, or conditionality, in the ways that plants compete for resources, facilitate or indirectly interact with each other has been crucial for understanding the relative importance of these interactions in the organization of plant communities (Tilman 1985; Wilson & Keddy 1986; Kitzberger, Steinaker & Veblen 2000; Levine 2000; Brooker...

  8. Purification of a myotoxin from the toadfish Thalassophryne maculosa (Günter) venom.

    Sosa-Rosales, J I; D'Suze, G; Salazar, V; Fox, J; Sevcik, C

    2005-02-01

    Venom was milked by gently pressing the base of the opercular and dorsal fin spines. Three fractions were obtained by molecular exclusion high pressure liquid chromatography (HPLC) (Protein Pak 125SW, Millipore Corporation) column, but only the last one with 22.7 min retention time (rt) was biological active (TmPP-22.7). This fraction was rechromatographed on reversed phase HPLC chlorobutylsilane columns (C4, Vydac) nine fractions were obtained, but only one (TmC4-47.2) with 47.2 min rt was biologically active. MALD-TOF mass analysis was carried out on two samples of TmC-47.2 and the results were 15,161.36 and 15,154.70 a.m.u., respectively. Raw venom (1040 microg/ml) depolarised frog (Hyla crepitans) muscle irreversibly from -85 (-88, -81) mV (n=20, median and its 95% CI) to -18 (-24, -15) mV (n=24). The biological activity in TmPP-22.7 (38 microg/ml), which depolarised muscle fibres from -79 (-82, -76) mV (n=20) to -63 (-69 -57) mV (n=24). The depolarising fraction was TmC4-47.2 (50 microg/ml) which depolarised muscles from -87 (91, -82) mV (n=33) to -63 (-76 -51) mV (n=53); the depolarising effect at this concentration was completely reversed on washing with normal saline for 2 h. Muscles treated with 1 microM tetrodotoxin (TTX) were depolarised from -80 (-85, -72) mV (n=49) to -44 (-56, -31) mV (n=44) when 100 microg/ml TmC4-47.2 were applied with TTX; washing 130 min with 1 microM TTX repolarised to -59 (-69, -50) mV (n=25). We also present evidence that TmC4-47.2 induces myonecrosis in mice.

  9. ISOLAMENTO E CARACTERIZAÇÃO DE STAPHLOCOCCUS XYLOSUS DE SALAMES COLONIAIS: UM ESTUDO PRELIMINAR

    Andréia CIROLINI

    2009-12-01

    Full Text Available

    A pesquisa teve como objetivo isolar e caracterizar cepas de Staphylococcus xylosus de salames coloniais. As linhagens foram coletadas de 3 amostras de salames coloniais comercializadas na região central do RS. As culturas foram selecionadas em meio ágar Baird Parker e incubadas a 36°C por 48h. Foram isoladas 5 colônias de cada amostra para posterior caracterização através de coloração de Gram, teste de coagulase, catalase, crescimento a concentração de 10% e 15% de NaCl em ágar nutriente e crescimento à temperatura de 15°C e 45°C em caldo BHI (Brain Heart Infusion. Para identifi cação do micro-organismo foi aplicado o kit Api Staph (Biomérieux. Através das análises realizadas, as cepas apresentaram características típicas do Staphylococccus xylosus como Gram positivo, coagulase negativo e catalase positivo, crescimento sob as diferentes concentrações de NaCl e crescimento às temperaturas de 15°C e 45°C, sendo selecionadas para posterior identifi cação no kit Api Staph. Decorrido o tempo de 24h à 35°C - 37°C, efetuou-se a leitura e interpretação dos resultados, onde das 15 cepas isoladas, 2 cepas foram identificadas como Staphylococcus xylosus.

  10. Cryptococcus: isolamento ambiental e caracterização bioquímica

    E.C. Araújo Júnior

    2015-08-01

    Full Text Available O gênero Cryptococcus caracteriza-se por ser uma levedura responsável por infecção sistêmica, causada pelas espécies Cryptococcus neoformans e Cryptococcus gattii. O fungo é encontrado em substratos de origem animal e vegetal, e a infecção ocorre com a inalação de basidiósporos ou leveduras desidratadas infectantes presentes no ambiente. O presente trabalho teve por objetivo pesquisar a existência de microfocos de Cryptococcussp.em amostras ambientais da cidade de Araçatuba, São Paulo, com a finalidade de minimizar os riscos de contaminação do homem e dos animais, buscando o conhecimento da ecoepidemiologia do Cryptococcus. Foram colhidas 50 amostras oriundas de ocos e troncos de árvores (Cassiasp., Ficussp., Caesalpinea peltophorides de 10 locais representativos do perímetro urbano, as quais foram encaminhadas ao Laboratório de Bacteriologia e Micologia da Faculdade de Medicina Veterinária de Araçatuba-Unesp, onde foram processadas e semeadas em placas de Petri contendo ágar semente de Níger e Sabouraud dextrose com clorafenicol e incubadas à temperatura de 30ºC, por um período não inferior a cinco dias. Posteriormente, foram submetidas às provas bioquímicas: produção de urease, termotolerância a 37ºC e quimiotipagem em ágar CGB (L-canavanina-glicina-azul de bromotimol. A análise dos resultados revelaram que 17 (34% dos cultivos foram positivos para o gênero Cryptococcus, sendo nove (18% para Cryptococcus gattiie oito (16% para Cryptococcus neoformans. Outras leveduras correlacionadas, como Rhodotorula sp. e Candida sp., também foram isoladas. Conclui-se que os basidiósporos de Cryptococcusencontram-se dispersos na natureza, constituindo microfocos ambientais, não vinculados necessariamente a um único hospedeiro.

  11. Isolamento de agentes bacterianos envolvidos em mastite subclinica bovina no Estado de Pernambuco.

    T. C. F. Barbalho

    2005-03-01

    Full Text Available RESUMO: Foram examinadas 43 vacas em lactação totalizando 104 quartos mamários os quais foram positivos ao California Mastitis Test (CMT. Antes da ordenha realizava-se a antisepsia dos quartos mamários e em seguida colhia-se amostras de cinco mL de leite; estas eram homogeneizadas e uma alíquota de 0,01 mL era semeada na superfície de ágar sangue bovino a 5% e incubados em estufa bacteriológica a 37º C ,sendo as leituras efetuadas após 24 e 48 horas de incubação. Staphylococcus sp. foi o agente mais freqüente neste tipo de mastite e na região estudada. PALAVRAS CHAVE: Mastite subclínica, Bovinos, Staphylococcus sp. SUMMARY: In this study were investigated 43 milking cows including 104 quarters of the udder that were positive for California Mastitis Teste (CMT. For that purpose the antisepsis before the milking was performed in the quarters and five ml of milk were colected asseptically and homogenized. Samples of 10 ml were inoculated at surface of Bovine Blood Agar and incubated at 37°C for 24-48 h. Isolates were identifed by Standart Bacteriological Techniques. The results showed that Stapylococcus sp were the microorganism most frequently isolated. KEYWORDS: Subclinical mastitis, Bovine, Staphylococcus sp.

  12. Isolamento viral e diagnóstico molecular de herpevírus canino

    Kurissio, Jacqueline Kazue [UNESP

    2013-01-01

    The canine herpesvirus (CHV-1) causes contagious disease affecting dogs worldwide. It is considered the responsible for cause reproductive problems, respiratory, eyes, neurologic changes may lead to death newborns and immunocompromised adults. Therefore, our study aimed to isolate CHV-1 from biological samples, standardize a diagnostic techniques for the detection of canine herpesvirus, verify the presence of infected dogs in São Paulo state and compare three modifications in the technique of...

  13. From the isolation to the synthesis of convolutamydine A; Do isolamento a sintese da convolutamidina A

    Silva, Rosangela B.; Torres, Jose C.; Garden, Simon J.; Violante, Flavio de Almeida; Rezende, Michelle J.C.; Silva, Barbara V. da; Pinto, Angelo C. [Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), RJ (Brazil). Inst. de Quimica. Dept. de Quimica Organica]. E-mail: angelo@iq.ufrj.br

    2008-07-01

    Convolutamydine A is a member of a family of oxindole alkaloids isolated from the Floridian marine bryozan Amathia convoluta in 8.6x10{sup -6} % yield. This compound is interesting as it has been described in the literature to have significant pharmacological activity. When bioactive substances are isolated in low yields, such as in the case of convolutamydine A, the use of synthetic organic chemistry to prepare larger quantities of these substances is necessary. This paper describes the isolation, structural characterization and synthesis of convolutamydine A, using readily available reagents and reaction conditions that may be applied in any organic chemistry undergraduate laboratory course. (author)

  14. À frente do computador: a Internet enquanto produtora de dependência e isolamento

    Gustavo Malafaya Sá

    2012-01-01

    Full Text Available Few years after the advent of the Internet, began the first studies on dependence of the web. Episodes of isolation and self-exclusion from social life have been worrying scholars around the world, and the fact that the Internet promotes dependence has generated discussion. But it is possible that the online that encourages dependency and isolation of individuals? This is the central question that will guide the discussion of this paper. To answer, this study presents a cross between a requirement that users have to have contact with the Internet and attractive promotion of dependency on virtual spaces.

  15. Isolamento de fungos degradadores de carbendazim Isolation of carbendazim degrading fungi

    Célia Maria Maganhotto de Souza Silva

    1999-07-01

    Full Text Available Os fungicidas sistêmicos do grupo dos benzimidazóis são amplamente utilizados no controle de muitas doenças de plantas, tanto no solo como na parte aérea, e isso tem sido causa de contaminação ambiental. A ação de alguns microorganismos contribui para degradação e perda da atividade biológica desses fungicidas, podendo reduzir, dessa forma, o risco de impactos negativos. O objetivo deste trabalho foi selecionar fungos com potencial para degradar benomil e seu produto de hidrólise, carbendazim, e quantificar o potencial de degradação. Fungos foram isolados de três diferentes solos da região de agricultura irrigada do município de Guaíra, SP, com histórico de aplicação intensiva de fungicidas benzimidazóis. Dentre os fungos isolados, Alternaria alternata foi a linhagem menos afetada pelo aumento na concentração de benomil no meio de cultura. Na concentração máxima (100 mig mL-1 a inibição da taxa de crescimento de A. alternata foi 22%, enquanto nas demais linhagens foi superior a 45%. Em meio de cultura líquido suplementado com carbendazim, a taxa de crescimento em biomassa de A. alternata foi 43% maior do que a no meio sem carbendazim, o que indica o consumo do fungicida como fonte de carbono. A. alternata degradou rapidamente o fungicida, chegando a 66,21% de desaparecimento do produto em dois dias. A meia-vida de carbendazim nessas condições foi de 1,16 dias.The systemic fungicides belonging to the benzimidazoles group are widely used in agricultural practice and its indiscriminate use has been cause of environmental contamination. The dissipation and the loss of the pesticide biological activity depends, most of the time, on the microorganisms action. The present research was carried out with the objective to select fungi with potential to degrades benomyl and its hydrolysis product, carbendazim, and to quantify its degradation potential. The fungi were isolated from three different kinds of soils collected in the region of the irrigated agriculture of Guaíra, SP, Brazil, with intensive use of fungicides. Among the analyzed fungi, Alternaria alternata had the growth rate less affected by increasing the benomyl concentration. Under the maximum concentration, the inhibition for A. alternata was 22%; for the other ones it was superior to 45%. In a liquid culture medium, enriched with carbendazim, the biomass growth rate for A. alternata was 43% superior to growth rate observed in the culture media without carbendazim. A. alternata soon degraded the fungicide, reaching 66.21% of the disappearance of the product in two days. The half-life of carbendazim in this study was of 1.16 days.

  16. CARACTERÍSTICAS DA FEBRE REUMÁTICA EM CRIANÇAS E ADOLESCENTES: CONVIVENDO COM A DOENÇA

    Icleia Parente Rodrigues

    2010-01-01

    Full Text Available Estudio descriptivo, cuyos objetivos fueron: caracterizar los aspectos sociodemográficos, clínicos y terapeuticos de niños y adolescentes con fiebre reumática y describir experiencias de sujetos que viven con la enfermedad. Desarrollado en un hospital del Sistema Único de Salud recomendable en la atención terciaria en Fortaleza-Ce. Amuestra compuesta de 20 sujetos internados con diagnósticos de fiebre reumática en 2004 y 2005. En la colecta se utilizaron datos de 20 registros médicos, además de entrevista semiestructurada, aplicada a los seis sujetos escojidos intencionalmente, incluyéndose los responsables. El análisis permitió percibir las diversas condiciones clínicas y sociales que predisponen niños y adolescentes a la falta de confuertos físicos y psicosiales por las restriciones a las condiciones de vida. Hay, por lo tanto, la necesidad de esfuerzos del equipo asistencial para la detección y tratamiento precoz para mejor pronóstico y cualidad de vida de aquellos afectados por esta enfermedad.

  17. Incidência do reumatismo (febre reumática, reumatismo infecioso específico no Rio de Janeiro

    A Penna de Azevedo

    1945-02-01

    Full Text Available 1 – A close inquiry into 6700 post mortem examinations reveals amongst them 589 cases of endocarditis which, as causa mortis, thus concur with an 8.82% score. 2 – As to their etiology, the endocarditis cases are classified in: Rheumatic E………………417cases or 6.22% of the necropsies; Syphilitic E……………….106 cases or 1.58% of the necropsies; Malignant E………………….66 cases or 0.98% of the necropsies . 3 – With the exception of the cases of syphilitic endocarditis, or aortic endocarditis connected with syphilitic changes, as well as of malignant (bacterial endocarditis, 417 cases of rheumatic endocarditis are left which constitute 6.22% of the total amount of the post mortem examinations and 70.79% of the endocarditis cases. 4 – As to their anatomical location, the cases of rheumatic endocarditis are distributed as follows: Valvular E………..396 cases or 94.96% of the endocarditis cases; Mural E………..21 cases or 5.04% of the endocarditis cases; 5 – As to valvular changes, the following location was observed: Mitral E…………….156 cases or 39.39%; Aortic E……………120 cases or 30.30%; Tricuspid E…………10 cases or 2.51%; Pulmonary E…………2 cases or 0.50%; Mitral-aortic E……….88 cases or 22.22%; Mitral-tricuspid E………….10 cases or 2.51%; Mitral-tricuspid-aortic E…………9 cases or 2.27%; Mitral-tricuspid-pulmonary E………….1 cases or 0.25%. 6 – As to sex, 59.21% are males and 40.70% females. As regards mitral endocarditis, the incidence for both sexes is practically one and the same (49.55% of males and 50.47% of females, whilst as regards aortic endocarditis 74.16% of males and 26.84% of females are affected by. 7 – As to colour: White……..50.24% of the cases; Black……………28.50% of the cases; Brown……………21.25% of the cases. 8 – As to nationality: Brazilians…………81.86% of the cases; Aliens…………..18.13% of the cases. 9 – As to age: 0 to 10 years…………7 cases, 51 to 60 years……57 cases; 11 to 20 years……..33 cases, 61 to 70 years……51 cases; 21 to 30 years……..64 cases, 71 to 80 years……..21 cases; 31 to 40 years……..79 cases, 81 to 90 years……1 cases; 41 to 50 years…………58 cases, 91 to 100 years……..2 cases.

  18. Contribuição ao estudo da distribuição sazonal de febres eruptivas

    João de Barros Barreto

    1948-12-01

    Full Text Available 1 - Em São Paulo, cidade da região climatica temperada brasileira, a escarlatina, no período 1940-44, ocorreu mais no outono, com o máximo em junho eo mínimo em outubro; maior o percentual de casos que couberam ao quadrimestre mais frio (junho a setembro e ao menos chuvoso (maio a agosto, quando comparados com os apostos, que concidiram um com outro (dezembro a março. Nenhuma correlação de significação estatística pôde, porém, ser evidenciada entre variações mensais de incidência da escarlatina e variações, também mensais, de temperatura média e de pluviosodade. 2 - Nas cidades em que, pelo número ponderavel de casos ocorridos de variola, se permitiu qualquer estudo, para o período em apreço (Belém, Rio e S. Paulo, verifica-se, ter dominado a doença, uniformemente, no semestre correspondente ao inverno e primavera austrais e, em as duas, para que houve dados disponiveis de humidade absoluta, no quadrimestre menos humido. Embora com essa restrição, o elemento humidade absoluta pareceu ter maior peso, em face das correlações, de significação estatística, obtidas entre os valores médios mensais (referentes ao mês anterior e os coeficientes mensais de morbidade pela doença: - 0.38 ± 0.11 e - 0.50 ± 0.10, respectivamente em Belem e no Rio. Com temperatura média, ainda no mês anterior, obtiveram-se correlações negativas para o Rio e S. Paulo (- 0.48 ± 0.10 e - 0.30 ± 0.12. 3 - O sarampo, nas cidades - dp grupo das 7 escolhidas - para que se obtiveram dados (Belem, Recife, Salvador, Rio, Curitiba e Porto Alegre, mostrou-se de maior incidencia no quadrimestre mais fresco do ano, quando comparado com o oposto. Evidenciou-se, ademais, ser nitidamente do inverno, nas duas cidades situadas em zona temperada; e, do trimestre correspondente, em duas outras (Salvador e Rio, justamente, das quatro da região tropical, as que ficam mais distantes do equador. Em todas as cidades trabalhadas, com exceção de Bele, dominou ainda no quadrimestre de menor humidade absoluta, qaundo comparado com o oposto. Ambos os fatores, plausivelmente pois, parecem ter influencia sôbre a incidência do sarampo, que se eleva quando baixam temperatura e humidade absoluta. De fato, obtiveram-se correlações negativas de significação estatistica, entre os coeficientes mensais de morbidade e os valores medios de temperatura mensal no mesmo mês (1 e no anterior (2, em 4 cidades: Recife, - 0.26 ± 0.12 (1; Salvador, - 0.36 ± 0.11 (1 e - 0.45 ± 0.10 (2; Rio, - 0.50 ± 0.10 (1 e - 0.60, sendo t = 5.72 (2; Porto Alegre, - 0.38 ± 0.11 (2. Com os valores medios mensais de humidade absoluta, no mês (1 e no anterior (20 mostrou-se, por outro lado, haver associação reciproca dos referidos coeficientes mensais de morbidade em: Recife, - 0.27 ± 0.12 (1; Salvador, - 0.29 ± 0.12 (1 e - 0.31 ± 0.12 (2; Rio, - 0.53 ± 0.09 (1 e - 0.68, sendo t = 7.08 (2; Porto Alegre, - 0.35 ± 0.12 (2.After pointing out some of the aspects not yet well known of scarlet fever epidemiology in Brazil, the A. shows that during period 1940-44 the disease in the city of S. Paulo prevailed mostly in the austral autumn season (april-june; however no correlation, statistically significant, could be obtained comparing monthly waves of temperature and corresponding waves of the disease. Such a correlation has been found out for small-pox, in the same fiver-years period, both in Rio (-0.48 ± 0.10 and S. Paulo (-0.30 ± 0.12; and with absolute humidity variations (also in the previous month in Belem (-0.38 ± 0.11 and Rio (-0.50 ± 0.10 - no data about A. H. being available from S. Paulo, Belem, Rio and S. Paulo showed a small-pox prevalence in the austral winter-spring seasons. Both in tropical cities (Belem, Recife, Salvador, Rio and in temperate ones (Curitiba and Porto Alegre - in S. Paulo the disease is not subjected to compulsory notification - measles distribution by four-months period --selected in accordance with the highest or lowest values of mean temperature and absolute humidity - induced to suppose that the disease was more uniformly associated with a low temperature. Several correlation coefficients statistically significant have been indeed obtained, between monthly morbidity rates and temperature variations in the same month (Recife - 0.26 ± 0.12, Salvador - 0.36 ± 0.11, Rio - 0.50 ± 0.10 and in the previous one (Salvador - 0.45 ± 0.10, Rio - 0.60 t = 5.72 and Porto Alegre - 0.38 ± 0.11; but also such coefficients have been found out between the same rates and absolute humidity variations in the same month (Recife - 0.27 ± 0.12, Salvador - 0.29 ± 0.12, Rio - 0.53 ± 0.09 and in the previous one (Salvador - 0.31 ± 0.12, Rio - 0.68 t = 7.08 and Porto Alegre - 0.35 ± 0.12.

  19. Detecção de proteínas imunorreativas de Rickettsia sp. cepa Mata Atlântica

    Caroline S. Oliveira

    Full Text Available RESUMO: A Febre Maculosa Brasileira (FMB é uma doença infecciosa, transmitida por carrapatos ao homem. Uma nova riquetsiose humana foi descrita como causadora de Febre Maculosa no Estado de São Paulo, sendo denominada de Rickettsia sp. cepa Mata Atlântica. O presente trabalho teve como objetivo detectar e identificar proteínas com potencial de estimular o sistema imune de hospedeiro mamífero, desta nova cepa descrita. Para tanto, foi realizado a extração proteica total de Rickettsia sp. cepa Mata Atlântica. As proteínas extraídas foram fracionadas por eletroforese. As bandas proteicas foram transferidas para membranas de nitrocelulose por migração elétrica e submetidas à técnica de Western-blot, para detecção proteica. Ao todo sete proteínas imunorreativas foram detectadas. Duas proteínas apresentaram maior abundancia, com peso molecular, de 200 e 130 kDa respectivamente. Através da comparação de mapas proteômicos existentes e pelo peso molecular que estas proteínas apresentaram, sugere-se que as duas proteínas detectadas representem rOmpA (200 kDa e rOmpB (130 kDa. As demais proteínas detectadas apresentaram menor ocorrência e peso molecular inferior a 78 kDa, podendo representar membros da família de antígenos de superfície celular (Sca - Surface cell antigen. As proteínas detectadas poderão servir como base de estudo na elaboração de métodos diagnósticos sensíveis e específicos, no desenvolvimento de vacinas, além de possibilitarem novos estudos para terapias mais eficazes.

  20. The food of the lake trout (Cristivomer namaycush namaycush) and of the lawyer (Lota maculosa) of Lake Michigan

    Van Oosten, John; Deason, Hilary J.

    1938-01-01

    This paper reports on a qualitative and quantitative analysis of the contents of 4,979 lake trout stomachs (593 examined in 1930 and 1,253 collected in 1931 from southern Lake Michigan, 1,446 from northern Lake Michigan and 1,687 from Green Bay in 1932), and of a total of 1,528 lawyer stomachs (172 examined in 1930 and 734 collected in 1931 from southern Lake Michigan, 612 from northern Lake Michigan and 10 from Green Bay in 1932). The food of the trout consisted of 98 per cent by volume of fish of which Cottidae and Coregonidae were the principal constituents. Cottidae were dominant in southern Lake Michigan (72 per cent by volume), Coregonidae in northern Lake Michigan (51 per cent) but the lake shiner, Notropis atherinides, was most important in Green Bay in the spring of the year (64 per cent). The lawyer food consisted of 74 per cent by volume of fish and 26 per cent invertebrates. Dominant items were Cottidae (76 per cent by volume) in southern Lake Michigan, Coregonidae (51 per cent) and Pontoporeia (37 per cent) in northern Lake Michigan, and Percopsis (34 per cent) and Mysis (26 per cent) in Green Bay. Data are also presented on the frequency of occurrence (number of stomachs) of the food items and its variation with the sizes of the trout and lawyers, depths of water, seasons, and localities; on the number of individual fish of each species destroyed by the trout and lawyers; and on the calculated volume of the food fishes preceding digestion. The lake trout and lawyer are competitors for the same food, are both predators of the commercially important Coregonidae, and the lawyer through its consumption of invertebrates is a food competitor of the Coregonidae.

  1. ISOLAMENTO TÉRMICO DE RESIDÊNCIAS ATRAVÉS DA REUTILIZAÇÃO DE EMBALAGENS TETRA PAK

    Jaquiel Salvi Fernandes

    2014-09-01

    Full Text Available A reciclagem está presente na atualidade, não apenas pelo aspecto econômico, mas também pela questão ambiental. Não faz sentido jogar junto com o lixo orgânico materiais que possam ser reaproveitados ou transformados. Neste contexto também se encontram as embalagens de leite e/ou suco longa vida (Tetra Pak®, amplamente utilizadas pela população. Tais embalagens têm baixo valor comercial, e sua reciclagem é difícil e de custo muito elevado. Este trabalho de extensão universitária reutilizou estas embalagens, montando painéis com as dimensões do forro de residências selecionadas na cidade de Videira-SC, com o intuito de isolá-las termicamente. As caixinhas Tetra Pak possuem uma face aluminizada, a qual impede que o calor seja transmitido para o interior (ou exterior no caso do inverno da residência pelo processo de radiação, refletindo mais de 95% do calor. Com esta característica a caixa de leite se mostra perfeita para exercer a função de manta térmica, como uma alternativa às mantas convencionais, com a vantagem de ser uma solução ecológica e barata. Após a instalação, as casas que antes não possuíam forro passaram a registrar temperaturas internas menores no verão e maiores no inverno, além da prevenção contra goteiras e respingos. As famílias atendidas expressaram unanimidade de opinião, mostrando-se muito satisfeitas com o ambiente após a instalação, relatando o aumento da temperatura em dias mais frios e sua diminuição em dias mais quentes. Palavras-chave: painéis térmicos, reutilização, embalagens longa vida, extensão universitária. Thermal isolation of residences through reuse of Tetra Pak packaging Abstract: Nowadays recycling is present not only in economic but also in environmental issues. It makes no sense mixing together with organic waste the materials that can be reused or processed. Milk and long life juice cartons (Tetra Pak®, widely used by the population, are also included in this context. Such packages have low commercial value, and recycling is difficult and very costly. This work of university extension reused these packaging, mounting panels with the dimensions of the lining of selected residences in the city of Videira, Santa Catarina State, Brazil, in order to thermally isolate them. The Tetra Pak packagings have an aluminized face, which prevents heat transmission to the inside of the house by radiation process, reflecting more than 95% of the heat. With this characteristic, milk carton is the ideal material to act as a thermal mantle, as an alternative to conventional coverings, with the advantage of being an ecologically oriented and inexpensive solution. After installation, the houses that previously had no lining started registering lower internal temperature in the summer and higher in the winter, besides prevention against leaking and dripping. The assisted families expressed unanimous opinions, showing satisfaction with the environment after installation, reporting the temperature rise on colder days and a decrease in warmer weather. Keywords: thermal panels, reuse, long life packaging, university extension. Aislamiento térmico de residencias a través de la reutilización de los envases Tetra Pak Resumen: El reciclaje está presente hoy, no apenas en el aspecto económico, sino también en relación  al ecológico. No tiene sentido descartar en la basura orgánica materiales que puedan ser reaprovechados o transformados.  Dentro de este contexto, también se encuentran los envases de leche y/o jugo de larga vida (Tetra Pak® ampliamente utilizados por la población. Tales envases tienen bajo valor comercial y su reciclaje es difícil y de costo muy elevado. Este trabajo de extensión universitaria reutilizó estos envases, montando paneles que fueron dimensionados al tamaño del forro interno de residencias seleccionadas en la ciudad de Videira-SC, con el objetivo de aislarla térmicamente. Las cajas Tetra Pak® tienen un lado de aluminio, el cual impide que el calor sea transmitido para el interior (o exterior, en el caso del invierno de la residencia por el proceso de radiación, reflectando más de 95% del calor. Por estas características, la caja de leche se muestra perfecta para ejercer la función de manta térmica, como una alternativa a las mantas tradicionales, con la ventaja de que es una solución ecológica y barata. Después de la instalación, las casas que antes no tenían forro, pasaran a registrar temperaturas internas reducidas en el verano y aumentadas en el invierno, además de la evitación de goteras y respingos. Las familias atendidas expresan opiniones unánimes al mostrarse muy satisfechas con el ambiente después de la instalación, relatando el aumento de la temperatura en días más fríos y su disminución en días más calurosos. Palabras-clave: paneles térmicos, reutilización, envases larga vida, extensión universitaria.

  2. Isolamento e caracterização da lectina camptosemina extraída das sementes de Camptosema ellipticum

    Fernanda Aparecida Heleno Batista

    2007-01-01

    Lectinas são (glico)proteínas de origem não imune capazes de causar aglutinação celular e/ou precipitação de glicoconjugados. O termo lectina de legume refere-se às lectinas de plantas que são encontradas exclusivamente em exemplares da família Leguminosae. Uma característica notável das lectinas de legumes é que todas as proteínas compartilham estrutura terciária constituída pelo motivo jelly-roll, que é basicamente composto por folhas-β, mas apresentam grande variabilida...

  3. Isolation of Enterobacter cowanii in tomatoes after gamma irradiation; Isolamento de Enterobacter cowanii em tomates apos irradiacao gama

    Vicalvi, M.C.V.; Solidonio, E.G.; Silva, M.A.; Colaco, W., E-mail: claudiavicalvi@hotmail.com [Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), Recife, PE (Brazil). Programa de Pos Graduacao em Tecnologias Energeticas e Nucleares; Silva, G.R. da; Sena, K.X.F.R de [Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), Recife, PE (Brazil). Lab. de Antibioticos

    2013-08-15

    The tomato is one of the most consumed fruit in the world. Bacteria of the family Enterobacteriaceae are responsible for large outbreaks of gastroenteritis. Irradiation is a physical method which reduces waste by eliminating spoilage organisms in foods. The objective of this study was to identify and determine the resistance profile of micro-organisms of the family Enterobacteriaceae from irradiated tomatoes. Were used three batches each containing 80 tomatoes, and divided in control and irradiated. The samples were individually properly identified as the irradiation dose applied. The material was subjected to irradiation with gamma rays, for irradiating with a cobalt-60 source, using doses: 1.0, 1.5 and 2 kGy (6,060 kGy/h). For microbiological analysis tomatoes were cut out, and removing the shells to obtain samples weighing 25g. Each sample was transferred to an Erlenmeyer containing sterilized water, stirring the assembly mechanically. Aliquots of the wash waters were sown in differential and selective media. After reisolation, the colonies were subjected to Gram staining then performed biochemical tests for identification. The antibiotic susceptibility tests were performed according to CLSI (Clinical Laboratory Standard Institute). It was isolated three strains of Enterobacter cowanii in tomato samples irradiated with a dose of 1.0 kGy, without isolating the other doses. As for the resistance profile, the strains were resistant to Ampicillin identified. Gamma irradiation at a dose of 1.5 and 2 kGy was effective in tomatoes as well as the micro-organism isolated after irradiation showed no profile of multidrug resistance. (author)

  4. A method for obtaining isolation in production cementing; Sistematica para obtencao de isolamentos nas cimentacoes de producao

    Lepeleire, Rubens de; Miletto, Antonio Luis Pires [PETROBRAS, XX (Brazil). Distrito de Perfuracao do Sudeste. Div. Tecnica

    1990-12-31

    This paper presents the procedure used to identify the factors that influenced the appearance of low isolation indexes, 59,1% in production cementing operations in Sao Mateus, during the year of 1987, bringing about a cost increase of over US$200,000.00 in primary cementing corrections. The various stages for the obtainment of such an index are analysed and the modifications that were considered necessary are presented. These modifications raised the index to 91,3% thus reducing correction costs to less than US$150,000.00 in 1988. From January to July, 1989, we able to obtain 98,9% of the isolations and an accumulated cementing correction cost of less than US$20,000.00. (author) 3 refs., 6 figs., 4 tabs.

  5. Isolamento e caracterização de células-tronco mesenquimais derivadas de anexos fetais equinos

    De Vita, Bruna [UNESP

    2011-01-01

    O interesse nas pesquisas com células-tronco obtidas dos anexos fetais de diversas espécies aumentou muito nas últimas décadas em virtude de serem fontes de células-tronco adultas com potencial de diferenciação em diversas linhagens celulares, sem riscos de desenvolvimento de tumores malignos ao serem transplantadas e com a vantagem de possibilitar bancos de armazenamento, no entanto, os estudos para espécie equina ainda são escassos. O objetivo deste trabalho foi isolar, caracterizar e difer...

  6. Do isolamento à síntese da convolutamidina A From the isolation to the synthesis of convolutamydine A

    Rosângela B. Silva

    2008-01-01

    Full Text Available Convolutamydine A is a member of a family of oxindole alkaloids isolated from the Floridian marine bryozan Amathia convoluta in 8.6x10-6 % yield. This compound is interesting as it has been described in the literature to have significant pharmacological activity. When bioactive substances are isolated in low yields, such as in the case of convolutamydine A, the use of synthetic organic chemistry to prepare larger quantities of these substances is necessary. This paper describes the isolation, structural characterization and synthesis of convolutamydine A, using readily available reagents and reaction conditions that may be applied in any organic chemistry undergraduate laboratory course.

  7. Extração e isolamento de diosgenina de barbasco Extraction and isolation of diosgenin from yams

    Marco Antonio Teixeira Zullo

    1987-01-01

    Full Text Available Dioscorea composita Hemsl. e D. floribunda Mart. & Gal., introduzidas no Brasil, mostraram teores de diosgenina de 3,15 ± 1,41% e 4,72 ± 0,24% na matéria seca dos tubérculos, com pureza mínima de 54,7 e 39,2% respectivamente. lamogenina também ocorre nos tubérculos de ambas as espécies. O teor de diosgenina em D. composita é crescente com a idade da planta, mostrando um máximo pronunciado em torno do terceiro ano de cultivo e estabilizando-se ao redor do sexto ano.Dioscorea composita Hemsl. and D. floribunda Mart. & Gal., introduced in Brazil, showed diosgenin contents of 3.15 ± 1.41% and 4.72 ± 0.24% on dried tubers, and minimum purities of 54.7% and 39.2%, respectively. Yamogenin co-occurs in the tubers of both species. The diosgenin content in D. composita increases according to the age of the plant, showing a pronounced maximum around the third year and stabilizing around the sixth year of cultivation. Methods for extraction, isolation and purification are also described.

  8. Isolamento e estudo experimental de duas novas culturas de bacilos ácido-alcool resistentes de muco nasal de leprosos

    H. C. de Souza-Araujo

    1954-03-01

    Full Text Available The A. described on December 14, 1951, his first culture of acid-fast bacillus isolated from nasal mucus of a leprous girl. in this paper the A. describes two new strains of acid-fast bacilli gotten also from nasal mucus of other two leprous girls, L3 cases. The first patient (layse S had her mucus treated by petroff's method on December 16, 1952 and sown onto three tubes of loewenstein medium and in glycerin broth. After two weeks incubation at 37°C all three tubes of Loewenstein showed many punctiforme and pin-head yellowish colonies, whose microscopic examination proved to be of a pure acid-fast bacillus culture. This sample inoculated in rats and mice produced, after 55 days incubation, small tumors from which the culture was easily recovered. On April, 9, 1953 a new sample of nasal mucus of the same patient was sown in three tubes of Loewenstein. After two weeks incubation at 37°C all 3 tubes showed germination of small yellowish colonies of acid-fast bacilli. Within four months being gotten two samples of identical cultures in all smeared tubes of Loewenstein medium sown, proved that such cultures were not an ordinary ambient contamination. Second patient: - Maria N. After various sowing of different kinds of material from her, february 26, 1953 her nasal mucus treated by soda and sown onto Loewenstein medium, after 25 days incubation showed in only one tube, one small round colony, at first white, becoming creamy after three months. Transplants in various media grew at first slowly and after 2 or 3 generations grew faster. The "Layse" strain produced pellicle in glycerin broth and Dubos medium; the "Maria N." strain did not produce as yet. Both strains (Layse I and II, and Maria N. gave weak positive Dubos test in half-an-hour and negative after 24 hours reading. Both were strongly positive when stained by Gram, Ziehl-Neelsen and Fontes methods. Both strains gave also positive fluoroscopy. These cultures are being studied. The A. concludes that, according to his experience, the slower growing cultures of acid-fast bacilli isolated from leprosy material, are the more suitable for experimental work. Aknowledgement. The A. thanks to Miss MARIA DE LOURDES SANTANA for her valuable collaboration in the studies of the described cultures.

  9. Isolamento de esporos de Paenibacillus larvae subsp. larvae no Brasil Detectionof Paenibacillus larvae subsp. larvae spores in Brazil

    Dulce Maria Tocchetto Schuch

    2003-03-01

    Full Text Available Este trabalho objetivou detectar presença de esporos de Paenibacillus larvae subsp. larvae em produtos de um entreposto do interior do Estado do Rio Grande do Sul, a identificação de possíveis fontes de contaminação e a avaliação da possibilidade da transferência de esporos para colméias de apiários adjacentes a partir de produtos importados contaminados. Foram analisados mel e pólen importados disponíveis no entreposto, favo do ninho (crias, pólen e mel colhido de uma colméia sadia, mel estocado em um dos apiários e abelhas adultas. Os resultados foram positivosem relação ao mel e pólen importados, a três grupos de abelhas adultas e ao mel do favo.The objective of this work was to detect the presence of Paenibacillus larvae subsp. larvae spores in products from a warehouse located in Rio Grande do Sul State, Brazil, the identification of possible contamination sources, and the assessment of spores transference possibility from contaminated imported products from the warehouse to apiaries located in the surrounding area. Samples of imported pollen and bulk honey stocked in the warehouse, and honeycomb (brood, honey and pollen from a healthy hive, honey from one apiary and adult bees were analyzed. Imported honey and pollen, and three groups of adult bees and the honey collected from the honeycomb resulted positive.

  10. Isolamento genético de populações de caramujos do gênero Biomphalaria

    Aluízio Bezerra Coutinho

    1976-08-01

    Full Text Available Experiências de intrecruzamento de caramujos do gênero Biomphalaria de várias procedências de Pernambuco, Brasil, utilizando o albinismo como mercador genético mostraram que ocorre na região duas populações isoladas que não se intercruzam. Uma das populações è constituída por caramujos que podem atingir diâmetros de concha até em torno de 30 mm, enquanto que a outra atinge somente em torno de 10 mm mesmo nas melhores condições ambientais.

  11. Isolamento genético de populações de caramujos do gênero Biomphalaria

    Aluízio Bezerra Coutinho

    1976-08-01

    Full Text Available Experiências de intrecruzamento de caramujos do gênero Biomphalaria de várias procedências de Pernambuco, Brasil, utilizando o albinismo como mercador genético mostraram que ocorre na região duas populações isoladas que não se intercruzam. Uma das populações è constituída por caramujos que podem atingir diâmetros de concha até em torno de 30 mm, enquanto que a outra atinge somente em torno de 10 mm mesmo nas melhores condições ambientais.Breending experiments with snails of the genus Biomphalaria from several beeding sites in Pernambuco, Brazil, using albinism as the genetics tag have shown that two isolated non-interbreeding populations occur in the region. One of the populations is made up of snails which consistently reached diameter sizes around 30 mm, while the other of snails reaching only around 10 mm shell diameter, even when in the best environmental conditions.

  12. Epidemiological aspects of the Brazilian spotted fever: seasonal activity of ticks collected in an endemic area in São Paulo, Brazil

    Elba R.S. de Lemos

    1997-06-01

    Full Text Available Ticks were collected from vegetation and animals at monthly intervals during one year (1993-1994 in an endemic area of Brazilian spotted fever in the County of Pedreira, State of São Paulo. Six species of ticks were identified Amblyomma cajennense, Amblyomma cooperi, Amblyomma triste, Anocentor nitens, Rhipicephalus sanguineus and Boophilus microplus. Only the first species was sufficiently numerous to permit a quantitative study with seasonal activity, although the distribution and source of capture of other species were observed and are reported. This information is correlated with the epidemiology of tick-borne rickettsiosis.Carrapatos de vegetação e de animais foram coletados mensalmente durante o período de um ano (1993-1994 em uma área endêmica de febre maculosa brasileira no município de Pedreira, São Paulo. Seis espécies de carrapatos foram identificadas Amblyomma cajennense, Amblyomma cooperi, Amblyomma triste, Anocentor nitens, Rhipicephalus sanguineus e Boophilus microplus. Somente a primeira espécie foi suficientemente abundante para permitir um estudo quantitativo com atividade sazonal, embora a distribuição e fonte de captura de outras espécies fossem observadas e aqui relatadas. Estas informações são correlacionadas com a epidemiologia da rickettsiose transmitida por carrapato.

  13. Saúde e ambiente: as doenças emergentes no Brasil Health and environment: emergent diseases in Brazil

    Marta G. Pignatti

    2004-06-01

    Full Text Available Este artigo faz uma revisão das principais abordagens teóricas da área da Saúde em relação ao estudo das doenças resultantes das mudanças ambientais e a ocorrência de doenças emergentes no Brasil. Apresenta, de forma geral, a dinâmica de transmissão de doenças como a dengue, as leishmanioses, a febre maculosa, a cólera, a malária. Aponta para a necessidade de estudos interdisciplinares e estratégias políticas integradas.This article is a critical review on the main Health theories concerned with diseases resulting from environmental changes and the occurrence of some infectious diseases in Brazil. It addresses the relationship between urbanization, human migration, life quality, institutional intervention policy and the emergence of dengue, cholera, malaria, spot fever, and leishmaniasis. In conclusion, it points out the necessity of carrying out interdisciplinary studies and integrated political strategies.

  14. Factors associated to cases of Brazilian Spotted Fever, Minas Gerais, 1995- 2002

    Simone Berger Calic

    2015-10-01

    Full Text Available ABSTRACT. Calic S.B., Rocha C.M.B.M, Bruhn F.R.P., Barros R.A. & Leite R.C. [Factors associated to cases of Brazilian Spotted Fever, Minas Gerais, 1995- 2002.] Fatores associados aos casos de Febre Maculosa Brasileira frente aos suspeitos não confirmados, Minas Gerais, 1995 a 2002. Revista Brasileira de Medicina Veterinária, 37(3:239-244, 2015. Instituto Otávio Magalhães, Fundação Ezequiel Dias, Rua Conde Pereira Carneiro, 80, Gameleira, Belo Horizonte, MG 30510- 010, Brasil. E-mail: sbcalic@gmail.com The aim of this study was to evaluate factors and symptoms associated with confirmed cases of FMB in Minas Gerais. For this, was conducted a retrospective study using epidemiological records received by the Central Laboratory (LACEN of MG in the period 1995-2002. Cases were suspected patients after clinical and epidemiological assessment for BSF and seropositive for Rickettsia ricketsii (IFAT 1:64 in at least one serum sample. As negative suspects were those that have no seroconversion in two consecutive samples to BSF. After adjustment of multiple logistic regression analysis, only the occurrence of rash and seizures were associated with symptoms FMB. Using analysis of main components symptoms that characterized the cases were: rash, convulsions and coma. Moreover cases have a high relation with hospitalization and lack of similar cases. The FMB in Minas Gerais is a serious disease and need early diagnosis.

  15. Survey of rickettsiae in humans, dogs, horses, and ticks in Northern Paraná, BrazilLevantamento de riquétsias em humanos, cães, cavalos e carrapatos no Norte do Paraná, Brasil

    John Stephen Dumler

    2011-10-01

    Full Text Available Brazilian Spotted Fever is a disease caused by Rickettsia rickettsii, and is transmitted to humans and animals by Amblyomma spp. The objective of this work was to study the epidemiology of spotted fever group rickettsiae in rural areas of Northern Parana. In Alvorada do Sul municipality, 88 humans, 83 dogs, and 18 horses were sampled, and in Arapongas municipality, 138 humans, 90 dogs and 18 horses were studied. All the sera were tested by IFA in which R. rickettsii and R. parkeri were used as antigens, considering titers ? 64 positive. Ticks collected from dogs and horses were tested by PCR. In Alvorada do Sul, 24% and 16.1% of humans, 55.6% and 22.2% of horses and, 22.9% and 18.1% of dogs were seropositive for R rickettsii and R. parkeri, respectively. In Arapongas, 9.4% and 4.3% of the humans, 5.6% and 5.6% of horses and, 13.3% and 12.2% of the dogs were seropositive for R. rickettsii and R. parkeri, respectively. PCR detected seven ticks with gltA sequences that showed similarity with R. bellii. The presence of antibodies to R. parkeri and R. rickettsii in dogs, horses and humans demonstrates a potential risk for spotted fever group rickettsiae in these areas.Febre Maculosa Brasileira é uma doença causada por Rickettsia rickettsii, e é transmitida para humanos e animais por Amblyomma spp. O objetivo deste trabalho foi estudar a epidemiologia de riquétsias do grupo da febre em áreas rurais do Norte do Paraná. No município de Alvorada do Sul, 88 pessoas, 83 cães e 18 cavalos foram amostrados, e no município de Arapongas, 138 seres humanos, 90 cães e 18 cavalos foram estudados. Todos os soros foram testados por IFI com R. rickettsii e R. parkeri como antígenos, considerando-se os títulos ? 64 positivos. Carrapatos coletados de cães e cavalos foram testados por PCR. Em Alvorada do Sul, 24% e 16,1% dos seres humanos, 55,6% e 22,2% de cavalos e, 22,9% e 18,1% de cães foram soropositivos para R. rickettsii e R. parkeri

  16. A imunidade na febre tifoide. II. Antigenos e resposta imune nas salmoneloses sistemicas Immunity in typhoid fever. II. Antigens and immune response in systemic salmonellosis

    Arlete Moreira Milhomem

    1982-12-01

    Full Text Available Os resultados dos trabalhos acumulados a partir do início do século permitem concluir que, apesar de numerosos progressos e estudos dos pontos de vista químico, imunoquímico, genético e biológico, o (s antígeno (s responsável (is pela imunidade nas salmoneloses sistêmicas ainda não está (ao definido (s. As mais diversas preparações têm sido propostas como possiveis imunogenos, bem como uma ampla variedade de modelos experimentais e de métodos de avaliação da resposta imune. Em relacao ao primeiro aspecto, sendo a Salmonella typhi, em condições naturais, um patógeno exclusivo do homem, os resultados obtidos em animais de laboratório frequentemente não se correlacionaram com os obtidos em seres humanos. Salienta-se que a pesquisa da resposta imune tem sido limitada na maioria das vezes a avaliação do titulo de aglutininas para os antigenos O, H e Vi; ou a testes de proteção passiva ou ativa em camundongos. A imunidade celular tem sido definida, principalmente por testes cutâneos, com preparações de natureza proteica, de composição variável e estrutura quimica mal-definida. Todos os dados revistos levam a conclusão de que até o presente, ignora-se o, ou os mecanismos de imunoproteção nas salmoneloses sistemicas.The results of the work done from the beginning of the century up to the present were reviewed, leading to the conclusion that the large amount of available knowledge on the chemistry, immunological, antigenic, and biological aspects of the antigens of Salmonella, was not sufficient to determine which antigen(s accounted for immune protection on systemic salmonellosis. Data accumulated on numerous and diversified preparations being used as immunogens, as well as on several experimental models and different methods of studying the immune response. In relation to Salmonella typhi, given that this microorganism is an exclusive natural pathogen only for man, the results of protection obtained with laboratory animal experiments, often, did not show any correlation with observed facts in the human being. It should be mentioned, however, that the search for an immune response has been restricted, in most instances to the 0,H and Vi antibodies, and to active or passive protective tests with mice. Cell mediated immunity has been evaluated mainly by using skin tests with chemically ill defined and variable protein preparations. No definitive hypothesis is available, at present, related to the mechanism(s of immune protection operating on systemic salmonellosis.

  17. Uma estação biológica para o estudo dos mosquitos e dos outros animaes silvestres relacionados com a febre amarela

    Henrique de Beaurepaire de Aragão

    1943-01-01

    Full Text Available The outbreak of the jungle or forest yellow fever, through the adapta¬tion, quite recently of the yellow fever virus o the forest mosquitoes, brou¬ght the necessity of ecological researches on hese mosquitoes, as well as on the wild animals they bite, some of them being susceptible to the desease. This has been done by the special yellow fever Service of the State of Sao Paulo, in a special Biological Station in Perús, São Paulo, which has been built in the midst of the jungle. This station was made with plain materials, and covered with straw, but was confortable enough for the technical work, i nthe early months of 1938. During the months in which the investigations were being carried on, the following interesting results were obtained: 1. As we have already pointed out in other places, the forest mosquitoes biting us during daytime, are always new born insects, having not yet sucked blood, as it is the general rule with all mosquitoes, and therefore also, with the anopheles and stegomyia, and this explains why nobody gets malaria or yellow fever, transmitted by anofeles or by aedes aegypti during the day. We think therefore, the jungle yellow fever, got during daytime is not due to the infected jungle or forest mosquito biting, but to infection through the human skin coming into close contact with tre virus, which the forest mosquitoes lay with their dejections, on the leaves of the trees where they remain sitting du¬ring the day. 2. As it is the rule with anopheles, stegomyia and other mosquitoes, the insects once having sucked blood, take nocturnal habits and, therefore, bite us, only during the night, so it happens with the forest mosquito, and insects with developped eggs and blood in stomach have been caught within the sta¬tion house, during the night. During the day, these mosquitoes do not bite, but remain quite still on the leaves of the trees, in the damp parts of the woods. 3. Jungle or forest mosquitoes can easely bite wild animals, some with more avidity then ethers, as it has bee npointed out to the opossum (didei-phis and other animals. They also bite birds having very thin skin and only exceptionally, cold bloods animals. 5. Is has hot been possible to ascertain how forest mosquitoes are able to live, from onde season to another, through winter, when temperature drops near and even below zero. They have not been found in holes of the terrain, of trees and of animals, as it is the rule in cold countries. During winter, in the forest, it is possible to find larvs in the holes of bambus and trees full of water. As wild animals do not harbour the yellow fever virus for a long time in their body, it is diffcult to explain how the desease lasts from one season to another. Many ecological features on the mosquito, remains yet to be explained and therefore it in necessary to go on with the investigations, in bio¬logical stations, such as that one built up in Perús, São Paulo.

  18. Beaufort Sea Coastal Fish Studies Overview and Bibliography

    1993-06-01

    from the mainland of Cahn, A.R. (1936) Observations on the breeding of the British Columbia. Journal of the Fisheries Research lawyer, Lota maculosa ... maculosa (LeSueur) in Lake Erie. Transactions of the Hoop traps as a means to capture burbot. North Ameri- American Fisheries Society, 80: 56-66. can...Iota maculosa (LeSueur) in Lake Erie. Transactions of imental study of the ling, Lota maculosa (LeSueur), in the American Fisheries Society. 80:163

  19. Síndrome pulmonar e cardiovascular por Hantavirus: aspectos epidemiológicos, clínicos, do diagnóstico laboratorial e do tratamento

    Figueiredo Luiz Tadeu M.

    2001-01-01

    Full Text Available A síndrome pulmonar e cardiovascular por Hantavirus (SPCVH, é doença emergente com descrição crescente de casos no Brasil. Neste trabalho, estudou-se 8 casos confirmados da doença. Todos apresentaram febre e dispnéia. Taquicardia, astenia, hipotensão e estertoração pulmonar ocorreram em 75 a 87,5% dos casos. Plaquetopenia e hipoxemia ocorreram em 100% dos casos, hemoconcentração, leucocitose com desvio à esquerda e elevação de uréia e creatinina séricas em 75 a 87,5%. Assistência respiratória, hidratação endovenosa e utilização de aminas vasoativas foram as medidas utilizadas nos pacientes. Ressalta-se que o suporte ventilatório e cardiovascular deve ser precocemente instituído, preferencialmente em unidades de terapia intensiva, com precauções universais e respiratórias de isolamento. Deve-se ter cuidados com infusão excessiva de líquidos para não agravar o edema pulmonar. A mortalidade observada, de 50%, é elevada, deveu-se à gravidade da doença e ao comparecimento tardio para tratamento intensivo. Deve-se informar sobre a SPCVH aos profissionais de saúde, considerando que casos de SPCVH, provavelmente, vêm passando desapercebidos.

  20. Compilation of Annual Reports of the Navy ELF (Extremely Low Frequency) Communications System Ecological Monitoring Program (1983). Volume 2. Tabs F-J.

    1984-07-01

    POSITAE C. rugosa *Arctiumn minus CON VOLULACEAE * .Centaurea maculosa , Convolviliis Cirsium arvense (several possible) C. discolor CRASSULACEAE C. hill...Heracleum lanatumn A. umbllatusHieraciumn aurantiacum - A. sp. I H. florentinumn A. sp. 2 H. pratense A. sp. 3 Hypericumn perforatumn Centaurea maculosa H...Hypericumn perforatumn Aster umbellatus Lychnis alba Aster sp. I Melilotus alba *Centaurea maculosa Oenethera biennis Chrysanthemum leucanthemnum Prunus

  1. Comparing susceptibility of eastern and western U.S. grasslands to competition and allelopathy from spotted knapweed (Centaurea stoebe L. subsp. micranthos (Gugler) Hayek)

    Centaurea maculosa is native to Eurasia and is invasive in the western portion of the US. Negative impacts of C. maculosa present in the eastern US have not been recorded. In this study, we examine the effects of C. maculosa on species diversity on an eastern grassy bald, compare the competitive a...

  2. Interspecific hybridization contributes to high genetic diversity and apparent effective population size in an endemic population of mottled ducks (Anas fulvigula maculosa)

    Peters, Jeffrey L.; Sonsthagen, Sarah A.; Lavretsky, Philip; Rezsutek, Michael; Johnson, William P.; McCracken, Kevin G.

    2014-01-01

    Under drift-mutation equilibrium, genetic diversity is expected to be correlated with effective population size (Ne). Changes in population size and gene flow are two important processes that can cause populations to deviate from this expected relationship. In this study, we used DNA sequences from six independent loci to examine the influence of these processes on standing genetic diversity in endemic mottled ducks (Anas fulvigula) and geographically widespread mallards (A. platyrhynchos), two species known to hybridize. Mottled ducks have an estimated census size that is about two orders-of-magnitude smaller than that of mallards, yet these two species have similar levels of genetic diversity, especially at nuclear DNA. Coalescent analyses suggest that a population expansion in the mallard at least partly explains this discrepancy, but the mottled duck harbors higher genetic diversity and apparent N e than expected for its census size even after accounting for a population decline. Incorporating gene flow into the model, however, reduced the estimated Ne of mottled ducks to 33 % of the equilibrium Ne and yielded an estimated Ne consistent with census size. We also examined the utility of these loci to distinguish among mallards, mottled ducks, and their hybrids. Most putatively pure individuals were correctly assigned to species, but the power for detecting hybrids was low. Although hybridization with mallards potentially poses a conservation threat to mottled ducks by creating a risk of extinction by hybridization, introgression of mallard alleles has helped maintain high genetic diversity in mottled ducks and might be important for the adaptability and survival of this species.

  3. Pesquisa de anticorpos anti-Rickettsia rickettsii em eqüinos do Centro de Controle de Zoonoses do município de São Paulo (CCZ/SP

    Jonas Moraes-Filho

    2009-04-01

    Full Text Available A Febre Maculosa Brasileira (FMB é uma zoonose transmitida por pelo menos duas espécies de carrapatos: Amblyomma cajennense e Amblyomma aureolatum. Os eqüinos assumem um importante papel de sentinela da FMB em áreas onde o carrapato vetor é o A. cajennense, por ser considerado hospedeiro primário dessa espécie de carrapato. O A. aureolatum, cujos hospedeiros primários são aves, alguns roedores silvestres e canídeos, é incriminado como vetor da doença na região da Grande São Paulo. Este trabalho objetivou pesquisar a presença de anticorpos contra Rickettsia rickettsii, agente da FMB, em eqüinos encaminhados ao Centro de Controle de Zoonoses do município de São Paulo (CCZ/SP no período de 2003 a 2005. Após coleta de sangue, o soro obtido pela centrifugação foi submetido à reação de imunofluorescência indireta (RIFI e os animais foram considerados positivos quando as amostras de soro apresentaram títulos >; 64. Durante os três anos, foram testados 363 amostras pela RIFI, sendo que 64 se mostraram reagentes: 6 (2003, 16 (2004 e 42 (2005. Os títulos finais variaram de 64 a 1.024. Os resultados obtidos demonstram uma baixa porcentagem de animais reagentes (17,6% quando comparados com dados de literatura de áreas endêmicas para FMB onde o vetor é o A. cajennense, sugerindo não ser essa espécie responsável pela transmissão da doença na área de estudo

  4. Rickettsioses emergentes e reemergentes numa região endêmica do Estado de Minas Gerais, Brasil

    Galvão Márcio A. M.

    2002-01-01

    Full Text Available O trabalho descreve um inquérito sorológico para rickettsioses em escolares e cães de Novo Cruzeiro, Minas Gerais, Brasil, em 1998. Trezentos e trinta e um escolares pertenciam a uma área endêmica e 142 a uma área não endêmica do município. Trinta e nove (10,1% soros foram reativos à Reação de Imunofluorescência Indireta (RIFI para Rickettsia rickettsiino título de 1:64, sendo que dentre esses reativos, 35 eram de estudantes de escolas de área endêmica. Dentre os 73 cães analisados quanto à presença de anticorpos anti R. rickettsii, anti Ehrlichia chaffeensise anti Ehrlichia canisà RIFI no título de 1:64, 3 (4,11%, 11 (15,07% e 13 (17,81% desses animais foram reativos respectivamente aos antígenos testados. Conclui-se que, a sororeatividade para R. rickettsiiem indivíduos sadios sem história prévia de febre maculosa brasileira, uma doença marcante por sua alta letalidade, e a presença de sororeatividade para Ehrlichiacom potencial patogênico para o homem em cães, nos leva a indagar sobre a transmissão ao homem de outras espécies da família Rickettsiae na área estudada.

  5. Isolation and characterization of delta toxin from the venom of Crotalus durissus terrificus; Isolamento e caracterizacao da delta toxina do veneno de Crotalus durissus terrificus

    Campos, Lucelia de Almeida

    2006-07-01

    The Crotalus durissus terrificus venom has been so far described as being of low complexity, with four major components described: convulxin, gyroxin, crotoxin and crotamine. In recent studies, other components of this venom were characterized as, for example, an analgesic factor. In 1980, Vital Brazil predicted the existence of a toxin which could be involved in platelet aggregation, and named it delta toxin. However, this toxin has never been isolated or characterized. The aim of the present work was to purify and characterize this toxin. After FPLC size exclusion chromatography followed by reverse phase HPLC, an homogeneous fraction was obtained, with a molecular weight of 14,074.92 Da. When analyzed by SOS-PAGE, this toxin presented an anomalous behavior, with a molecular weight of 14 kDa, while in 2D gels, spots around 40 kDa and with an isoelectrical point between 4 and 5 were observed suggesting isoforms with glicosilation microheterogeneity. After trypsin digestion, the fragments were submitted to the swissprot databank showing high homology (43% coverage, 15 matching peptides) with trocarin, a prothrombin activator from Tropidechis carinatus. These data were further confirmed by aminoacid analysis. The toxin was tested for its ability to activate factor II and X using synthetic substrates. Our data indicate a direct activation of factor X. The same toxin also behaved as a potent direct platelet aggregation activator on washed platelets. Assays with specific inhibitors indicate that neither metalloproteinase, nor serinoproteinase or t lectin domains are involved in the aggregating activity, since EDTA, benzamidin and D-galactose did not inhibit the toxin. In the present work, we were able to identify, purify and characterize a new toxin from the brazilian rattlesnake. It behaved as predicted by Vital-Brazil and displayed direct factor X activating properties, also inducing platelet aggregation, even at low concentrations. Our data also indicate that it is probably a homotrimer with the subunities linked by hydrophobic and/or electrostatic interactions. (author)

  6. Isolamento, fracionamento e atividade anticoagulante de iota-carragenanas da Solieria filiformis Isolation, fractionation and anticoagulant activity of iota-carrageenans from Solieria filiformis

    José Ariévilo Gurgel Rodrigues

    2010-11-01

    Full Text Available Este estudo teve como objetivo isolar, fracionar e avaliar o potencial anticoagulante de iota-carragenanas (i-CARs da rodofícea Solieria filiformis, quando obtidas por dois métodos de extração (M I e M II. As i-CARs foram isoladas com papaína bruta em tampão acetato de sódio 0,1M (pH 5,0, contendo cisteína 5mM e EDTA 5mM (M I ou água (80°C (M II e, em seguida, determinada sua composição química de carboidratos totais, sulfato livre (SL e proteínas contaminantes. As i-CARs foram submetidas à cromatografia de troca iônica (DEAE-celulose usando um gradiente de cloreto de sódio, sendo avaliado o tempo de tromboplastina parcial ativada (TTPA e tempo de protrombina das frações obtidas e comparadas à heparina (193UI mg-1. Uma fração anticoagulante também foi submetida ao procedimento de eletroforese em gel de agarose a 0,5%. A diferença no rendimento de i-CARs entre os métodos foi 10,14%. A composição química de SL (29,40% e o fracionamento, por DEAE-celulose, indicaram o M I mais eficiente na obtenção de i-CARs, comparado ao M II. O TTPA também foi somente alterado para as i-CARs do M I. Contudo, a atividade anticoagulante in vitro de uma fração rica (8,52UI mg-1 foi inferior à da heparina.This study aimed to isolate, fractionate and evaluate the anticoagulant potential of iota-carrageenans (i-CARs from Solieria filiformis when two extraction methods (M I and M II were used. i-CARs were isolated with papain in 0.1M sodium acetate (pH 5.0 containing 5mM cystein and 5mM EDTA (M I or water (80°C (M II, and then their chemical composition of total carbohydrates, free sulfate (FS and contaminant proteins were determined. i-CARs were submitted to anion-exchange chromatography (DEAE-cellulose using a sodium chloride gradient,being evaluated the activated partial thromboplastin time (APTT and prothrombin time of obtained fractions and compared to heparin (193IU mg-1. A rich fraction of anticoagulant was also submitted to 0.5% agarose gel electrophoresis procedure. The difference of yield between methods was 10.14%. The chemical composition of FS (29.40% and the fractionation by DEAE-cellulose showed M I more effectiveness in the obtaining of i-CARs compared to M II. The APTT was also modified for i-CARs from M I. However, the in vitro anticoagulant activity of a rich fraction (8.52IU mg-1 was inferior to heparin.

  7. Isolamento, caracterização e identificação de leveduras killer de caldo de cana de açúcar

    Suzana Cláudia Silveira Martins

    2015-10-01

    Full Text Available  O etanol produzido a partir da fermentação do caldo de cana emergiu como um combustível renovável. O rendimento desta fermentação é afetado por micro-organismos indesejáveis e as leveduras killer se constituem uma alternativa promissora para combater essa contaminação. Nesta perspectiva, o presente trabalho teve como objetivo isolar, caracterizar e identificar leveduras killer de caldo de cana. As amostras foram inoculadas em meio de cultura contendo cloranfenicol e 140 colônias com diferentes características foram selecionadas. Esses isolados foram avaliados quanto à presença do fator killer e os isolados positivos caracterizados e identificados por métodos convencionais. Apenas dois isolados apresentaram atividade killer e foram identificados como Pichia anomala CE025 e P. membranaefaciens CE088. A 25°C as duas linhagens exibiram atividade killer em pH 4.0, 4.3 e 4.5, mas esta atividade foi inibida a pH 3.0, 3.5, 5.0 e 6.0. Para P. membranaefaciens CE088 o fenótipo killer foi inibido acima de 30°C, enquanto que a P. anomala CE025 exibiu essa característica acima deste valor. Ambas as linhagens foram capazes de crescer na presença de 12% de etanol, mas P. anomala CE025 foi mais tolerante do que P. membranaefaciens CE088. Estudos posteriores serão realizados para isolar, purificar e identificar as toxinas killer produzidas pelas espécies Pichia anomala e Pichia membranaefaciens. .

  8. Comparação dos caldos selenito cistina, tetrationato Muller-Kauffmann e Rappaport-Vassiliadis no isolamento de Salmonella Typhimurium

    L.G. Ávila

    2012-06-01

    Full Text Available Three selective enrichment broths - selenite cystine (SC, Muller-Kauffmann tetrathionate (MKT and Rappaport-Vassiliadis (RV - were compared, for Salmonella Typhimurium isolation from rectal swabs of a calf experimentally infected. The bacteriological procedure involved pre-enrichment in Hajna-GN broth (only for the samples inoculated in RV broth, selective enrichment (SC, MKT and RV broths, culture in modified brilliant green agar (BGA, presumptive biochemistry tests (using triple-sugar-iron agar and lysine-agar and slide agglutination test with poli-O and poli-H Salmonella antisera. SC and MKT broths were more efficient in the isolation of Salmonella Typhimurium (12 positive samples, whereas RV broth had a lower efficiency in the microbiological isolation (ten positive samples.

  9. Isolamentos bacterianos de fetos abortados bovinos examinados no Instituto Biológico de São Paulo, no período de 1985 a 1992

    Margareth Éllde Genovez

    1993-12-01

    Full Text Available No período de 1985 a 1992, foram analisadas bacteriologicamente 544 amostras de órgãos e anexos fetais, provenientes de 282 fetos bovinos, oriundos de rebanhos, na maioria leiteiros, procedentes de vários estados do Brasil. Foram consideradas como possíveis causas de abortamento, as bactérias patogênicas e as culturas puras ou preponderantes de bactérias oportunistas. Excluindo-se os materiais impróprios para exame (25/282, dos 257 restantes, em 37,4% foram diagnosticadas causas bacterianas, tais como: Brucella abortus (6,2%, Leptospira spp (6,2%, Staphylococcus aureus (5,4%, Campylobacter fetus (4,7% e Streptococcus Beta hemolitico (3,5%. Os focos destes agentes apresentavam-se amplamente distribuídos no Estado de São Paulo.

  10. Utilidade do coágulo sangüíneo para o isolamento de Sporothrix schenckii de gatos naturalmente infectados

    Tânia Maria Pacheco Schubach

    2004-11-01

    Full Text Available The diagnosis of disseminated sporotrichosis is usually obtained by necropsy and the isolation of Sporothrix schenckii from blood is rare. Fungemia was shown in vivo through the isolation of S. schenckii from peripheral blood of 13 (n=38, 34.2% cats with naturally acquired sporotrichosis. The coinfection with FIV and with FeLV found, respectively, in 6 (n=34, 17.6% cases and 1 (n=34, 2.9%, apparently did not alter the frequency of the isolation of S. schenckii from peripheral blood. There was agreement of 84.2% comparing these results to the blood culture results simultaneously achieved. In this way, we propose the clot culture as a practical alternative method, efficient and cheap for the diagnosis of disseminated sporotrichosis in cats in vivo.

  11. Isolamento do tungstênio da volframita da mina de Igarapé Manteiga (Rondônia - Brasil por lixiviação ácida

    Jéssica Frontino Paulino

    2012-01-01

    Full Text Available We report results of the efficiency of tungsten extraction from wolframite concentrate (containing 61.5 wt % WO3 from the Igarapé Manteiga mine (state of Rondônia, Brazil through acid leaching with strong mineral acids at 100 ºC and 400 rpm for 2-4 h. HCl yielded insoluble matter containing the highest WO3 content (90 wt %. This solid was dissolved in concentrated NH3(aq at 25 ºC and the insoluble matter filtrated. The filtrate was slowly evaporated. 70 wt % of the tungsten present in the starting concentrate material was recovered as ammonium paratungstate (APT.

  12. Isolation of pectin from pumpkin (Cucurbita moschata, L.) by acid hydrolysis;Isolamento de pectina de abobora (Cucurbita moschata, L.) por hidrolise acida

    Souza, Jose R.R.; Ricardo, Nagila M.P.S.; Paula, Regina C.M. de; Feitosa, Judith P.A., E-mail: judith@dqoi.ufc.b [Universidade Federal do Ceara (UFC), Fortaleza, CE (Brazil). Dept. de Quimica Organica e Inorganica. Lab. de Polimeros; Brito, Edy S. [EMBRAPA Agroindustria Tropical, Fortaleza, CE (Brazil)

    2009-07-01

    Pumpkin (Cucurbita moschata, L.) constitutes an excellent source of carotenoids, precursors of vitamin A. Besides, it also that constitutes also a great natural source of low-cost pectin. Pectin is a heterogeneous complex polysaccharide found in the primary cell wall of most plants and its effect on health is receiving increasing interest from the scientific community. In this work, high-methoxy pectin was obtained from pumpkin (Cucurbita moschata, L.) through the acid hydrolysis methodology. The pectin obtained was characterized by FTIR, NMR {sup 1}H, GPC and rheology. (author)

  13. Isolamento do vírus rábico de morcego insetívoro , Lasyurus borealis Rabies virus isolation in insectivorous bat Lasyurus borealis

    Luzia Fatima Alves Martorelli

    1996-02-01

    Full Text Available Relata-se um caso de raiva em morcego insetívoro, Lasyurus borealis, na região urbana, em bairro residencial, no Município de Jundiaí, SP (Brasil.A case of rabies in an insectivorous bat, Lasyurus borealis , in a residential suburb in an urban area in the southern region of Brazil, is reported.

  14. Isolamento e identificação de Lactobacillus spp., Bifidobacterium spp., Enterococcus spp., Pediococcus spp. e Lactococcus spp. da microbiota intestinal de Papagaio-verdadeiro (Amazona aestiva)

    Luciana Allegretti

    2009-01-01

    No Brasil, o papagaio-verdadeiro (Amazona aestiva) é uma das aves mais procuradas como animal de estimação e comercializadas ilegalmente. Na literatura pouco é descrito sobre a microbiota intestinal de aves silvestres. O trato intestinal das aves é composto por inúmeras e diferentes espécies bacterianas. A grande maioria são bactérias gram-positivas pertencentes ao grupo de bactérias ácido-láticas. Este estudo teve como objetivo isolar e identificar a presença de bactérias dos gêneros Lactoba...

  15. Isolamento e caracterização do vírus da influenza pandêmico H1N1 em suínos no Brasil

    Rejane Schaefer

    2011-09-01

    Full Text Available A infecção causada pelo vírus Influenza A (IAV é endêmica em suínos no mundo inteiro. O surgimento da pandemia de influenza humana pelo vírus A/H1N1 (pH1N1 em 2009 levantou dúvidas sobre a ocorrência deste vírus em suínos no Brasil. Durante o desenvolvimento de um projeto de pesquisa do vírus de influenza suína em 2009-2010, na Embrapa Suínos e Aves (CNPSA, foi detectado em um rebanho de suínos em Santa Catarina, Brasil, um surto de influenza altamente transmissível causado pelo subtipo viral H1N1. Este vírus causou uma doença leve em suínos em crescimento e em fêmeas adultas, sem mortalidade. Tres leitões clinicamente afetados foram eutanasiados. As lesões macroscópicas incluiam consolidação leve a moderada das áreas cranioventrais do pulmão. Microscopicamente, as lesões foram caracterizadas por bronquiolite necrosante obliterativa e pneumonia broncointersticial. A imunohistoquímica, utilizando um anticorpo monoclonal contra a nucleoproteína do vírus influenza A, revelou marcação positiva no núcleo das células epiteliais bronquiolares. O tecido pulmonar de três leitões e os suabes nasais de cinco fêmeas e quatro leitões foram positivos para influenza A pela RT-PCR. O vírus influenza foi isolado de um pulmão, mais tarde sendo confirmado pelo teste de hemaglutinação (título HA 1:128 e por RT-PCR. A análise das seqüências de nucleotídeos dos genes da hemaglutinina (HA e proteína da matriz (M revelou que o vírus isolado foi consistente com o vírus pandêmico A/H1N1/2009 que circulou em humanos no mesmo período. Este é o primeiro relato de um surto de influenza causado pelo vírus pandêmico A/H1N1 em suínos no Brasil.

  16. Isolamento e caracterização de um mutante de saccharomyces cerevisiae com características fenotípicas opostas à cepa pkc

    Gomes, Katia das Neves

    2004-01-01

    Em leveduras, a proteína quinase C participa da regulação da via bioquímica responsável pela transcrição de uma subunidade da enzima glucano sintase, a qual está envolvida na síntese da parede celular. A via PKC MAP quinase consiste das enzimas Bck1, Mkk1/2 e Mpk1 que são ativadas por fosforilação. Recentemente, nós descobrimos que o mutante pkc1 D, contrariamente aos demais mutantes da cascata Map quinase, exibe dois principais defeitos no controle do metabolismo de carbono. A cepa pkc1 D ap...

  17. Isolamento , caracterização parcial e atividades biológicas da lectina de entrecasca de aroeira(Schinus terebinthifolius Raddi.)

    Mary Alves Viana, Ana

    2002-01-01

    Infusão de entrecasca de Schinus terebinthifolius Raddi., família Anacardiaceae (aroeira), tem sido comumente usada em medicina popular. Lectinas constituem um grupo heterogêneo de proteínas capaz de reconhecer e reversivelmente ligar a carboidratos. O objetivo deste trabalho foi isolar a lectina de entrecasca de S. terebinthifolius e avaliar suas propriedades biológicas. Extrato obtido do pó de entrecasca foi submetido a ensaios de atividade hemaglutinante (AH) usando eritr...

  18. ISOLAMENTO E IDENTIFICAÇÃO DE MICOBACTÉRIAS EM ÁGUAS TRATADAS PROVENIENTES DO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ARARAQUARA-SP

    Josiane Aparecida GASPAR-GRILLO

    2012-01-01

    Full Text Available A qualidade da água é muito importante para a saúde e bem-estar do ser humano e o sistema de abastecimento público deve fornecer água de qualidade e em quantidade suficiente para toda a população. As estações de tratamento de água constituem o principal caminho para obtenção de água de qualidade. Quando isso não ocorre vários problemas podem afetar a população que passa a consumir água com qualidade inadequada e com o risco constante de surgimento de várias doenças. A eliminação de micro-organismos em água tratada reduz a competição, favorecendo a multiplicação de bactérias resistentes ao cloro como as do gênero Mycobacterium frequentemente isoladas de águas tratadas e cloradas. Considerando a não indicação da pesquisa de micobactérias nos exames laboratoriais de rotina para controle de qualidade de água para consumo humano e outros usos, o objetivo deste trabalho foi verificar a presença, isolar e identificar as micobactérias ambientais no sistema de abastecimento de água de origem superficial da cidade de Araraquara – SP. Foram analisadas 40 amostras de águas, assim distribuídas: dez de água bruta colhidas na Estação de Tratamento de Água (ETA, dez colhidas após filtração, dez colhidas no reservatório após cloração e dez na rede de distribuição. Foram recuperados 43 isolados de micobactérias. Todos os isolados foram submetidos ao PCR-PRA. As espécies de micobactérias identificadas foram M. lentiflavum, M. parafortuitum, M. genavense, M. gordonae, M. fortuitum, M. confluentis, M. duvalii, M. avium subespécie paratuberculose e M. szulgai. Com esses resultados, concluiu-se que a água é importante fonte de micobactérias ambientais provavelmente relacionadas a várias doenças humanas, sugerindo-se a realização de acompanhamento contínuo desses micro-organismos no sistema de água potável.

  19. Uso de agregado leve de EVA em contrapiso argamassado para isolamento ao ruído de impacto em edificações residenciais

    Tutikian, Bernardo Fonseca; Zuchetto, Letícia Kauer; Souza, Rodrigo Périco de; Oliveira, Maria Fernanda Nunes de

    2017-01-01

    Resumo O copolímero etileno acetato de vinila (EVA) é largamente utilizado na indústria calçadista. Entretanto, a geração de resíduos no processo de fabricação é bastante significativa. Com a implementação da norma de desempenho, NBR 15575, os projetos de construções habitacionais devem atender aos níveis de desempenho exigidos. Dentre os requisitos prescritos pela norma está a isolação ao ruído de impacto entre pisos, a qual pode ser otimizada com a utilização de materiais de baixa massa esp...

  20. Isolamento e identificação de fungos filamentosos e leveduras em alguns pontos de uma rede de distribuição de água

    Faia, Ana Margarida Fonseca Flores, 1987-

    2011-01-01

    Tese de mestrado. Biologia (Biologia Celular e Biotecnologia). Universidade de Lisboa, Faculdade de Ciências, 2011 A água é um bem essencial ao homem e deve encontrar-se livre de microrganismos causadores de doenças e de poluentes químicos. Nos últimos anos tem-se demonstrado a presença de fungos filamentosos e leveduras em diferentes ambientes aquáticos. Assim, é necessário realizar mais estudos sobre a presença destes microrganismos em águas de consumo. Realizaram-se análises em diferent...

  1. Isolation and identification of yeasts and filamentous fungi from yoghurts in Brazil Isolamento e identificação de leveduras e fungos filamentosos em iogurtes

    Silvia Regina Moreira

    2001-06-01

    Full Text Available Seventy-two cartons of yoghurt were sampled three times at monthly intervals from four different local manufacturers. Total counts were close to 6 x 10(7 cells g-1 of yoghurt. Yeast counts varied from 1 to 2,700 g-1. There was no evidence of systematic contamination at source but this longitudinal study revealed that ad hoc contamination and improper storage led to the higher yeast counts. Contamination was generally higher in the hotter months but was lower overall than reported from other countries. A total of 577 yeast isolates were identified belonging to ten species. The most abundant yeasts were, in order, Debaryomyces hansenii, Saccharomyces cerevisiae, Mrakia frigida, Hansenula spp., Candida parapsilosis, Debaryomyces castellii and Candida maltosa. The psychrophilic yeast Mrakia frigida is reported for the first time in yoghurts. Low level contamination with Monilia and Penicillium species was found in a few samples. Growth tests suggested that ability to ferment sucrose, growth at 5° C and in the presence of 300 µg g-1 sorbate preservative, were the three most significant physiological properties to account for these yeasts in yoghurts. The data also suggest that warmer weather and inadequate refrigeration are the principal causes of higher levels of contamination, increased diversity and change in microbial flora.Setenta e duas embalagens de iogurtes de quatro indústrias diferentes foram analisadas durante três épocas diferentes com intervalo mensal. A população microbiana total encontrada foi em torno de 6 x 10(7 células g-1 de iogurte. A contagem de leveduras variou entre 1 a 2.700 células g-1. Não foi possível observar uma sistemática contaminação, mas este estudo longitudinal revelou que contaminação ad hoc e armazenamento impróprio pode levar a elevadas populações de leveduras. De modo geral foi detectada uma contaminação maior nos meses mais quentes do ano mas em valores inferiores aos encontrados em outros países. Um total de 577 isolados de leveduras foram identificados como pertencentes a 10 espécies. As leveduras mais abundantes foram, em ordem, Debaryomyces hansenii, Saccharomyces cerevisiae, Mrakia frigida, Hansenula spp., Candida parapsilosis, Debaryomyces castellii e Candida maltosa. A levedura psicrófila, Mrakia frigida foi pela primeira vez mencionada como isolada a partir de iogurtes. Foi encontrada em algumas amostras uma pequena contaminação por espécies de Monilia e Penicillium. Os testes utilizados para crescimento sugeriram que habilidade para fermentar sacarose, crescimento a 5ºC e na presença de 300 µg g-1 de sorbato foram as três propriedades fisiológicas mais importantes para a presença destas leveduras em iogurtes. Os dados também sugerem que clima mais quente e refrigeração inadequada são as principais causas de alta nível de contaminação, aumento da diversidade e mudança na microbiota presente.

  2. Isolamento de fungos filamentosos em água utilizada em uma unidade de hemodiálise Isolation of filamentous fungi from water used in a hemodialysis unit

    Samuel Dutra Varo

    2007-06-01

    Full Text Available A despeito da relativa freqüência de infecções fúngicas oportunísticas em pacientes sob hemodiálise, os reservatórios ambientais destes permanecem desconhecidos, embora alguns estudos recentes tenham correlacionado o suprimento de água como fonte desses microrganismos. O objetivo deste trabalho foi monitorar a qualidade micológica do sistema hídrico de uma Unidade de Hemodiálise, do interior do Estado de São Paulo, Brasil, no período entre abril e julho de 2006. Foram coletadas amostras (15, de 1000mL em 7 pontos de distribuição de água empregando-se técnica da membrana filtrante (0,45µm. Foram isolados 116 fungos filamentosos, dos quais 47 (40,5% Trichoderma sp, 29 (25% Cladosporium sp, 16 (13,8% Aspergillus sp e 11 (9,5% Fusarium sp. Mediante os resultados, sugerimos que suprimentos de água para Unidades de Hemodiálise devam ser monitorados também quanto ao aspecto micológico, adotando-se medidas profiláticas eficazes que minimizem a exposição destes pacientes imunodeficientes a fontes aquáticas ambientais contaminadas.Despite the relative frequency of opportunistic fungal infections among hemodialysis patients, the reservoirs for these microorganisms in the environment remain unknown, although some recent studies have made correlations with the water supply as their source. The objective of the present study was to monitor the mycological quality of the water system of a hemodialysis unit in the interior of the State of São Paulo, Brazil, over the period from April to July 2006. Fifteen samples of 1000 ml were collected from seven water distribution points using the membrane filtration technique (0.45 µm. A total of 116 filamentous fungus specimens were isolated, including 47 Trichoderma sp (40.5%, 29 Cladosporium sp (25%, 16 Aspergillus sp (13.8% and 11 Fusarium sp (9.5%. The results suggest that the water supply for hemodialysis units should also be monitored for mycological contamination, and that effective prophylactic measures should be adopted for minimizing the exposure of these immunodeficient patients to contaminated water sources in the environment.

  3. Inibidores de proteases encontrados em sementes de Caesalpinia echinata (paubrasil: isolamento e caracterização do inibidor de tripsina

    Lúcio Garcia de Oliveira

    Full Text Available Caesalpinia echinata, o pau-brasil, é uma árvore pertencente à família das Leguminosas, sub-família Caesalpinoidae. Como já foram encontrados inibidores de proteases em sementes de outras Leguminosas, o objetivo do trabalho é purificar e caracterizar o inibidor de tripsina extraído das sementes de C. echinata. Após extração salina e precipitação por acetona, os inibidores foram purificados por cromatografia de troca iônica e filtração em gel, apresentando massas moleculares de 19,5 e 10 kDa e constante de inibição da ordem de nM.

  4. Isolation and evaluation of cytotoxic potential of phenolic derivatives from Schinus terebinthifolius Raddi (Anacardiaceae); Isolamento e avaliacao do potencial citotoxico de derivados fenolicos de Schinus terebinthifolius Raddi (Anacardiaceae)

    Santana, Jeferson S.; Sartorelli, Patricia; Lago, Joao Henrique G. [Universidade Federal de Sao Paulo (UNIFESP), Diadema, SP (Brazil). Inst. de Ciencias Ambientais, Quimicas e Farmaceuticas; Matsuo, Alisson L., E-mail: joao.lago@unifesp.br [Universidade Federal de Sao Paulo (UNIFESP), Sao Paulo, SP (Brazil). Dept. de Micro, Imuno e Parasitologia

    2012-07-01

    The EtOH extract from leaves of S. terebinthifolius was subjected to partition between EtOH:H{sub 2}O and hexane, CH{sub 2}Cl{sub 2}, and EtOAc. The phases obtained were evaluated in vitro against human tumoral cell lines and the EtOAc phase exhibited activity. Chromatographic procedures afforded gallic acid (1), methyl (2) and ethyl (3) gallates, trans-catechin (4), quercitrin (5), and afzelin (6), being the first occurrence of 1, 4 and 6 in S. terebinthifolius. In vitro cytotoxic evaluation of 1 - 6 indicated that gallic acid (1) displayed higher activity than ethyl gallate (3) against HL-60 and HeLa cells, while compounds 2, 4 - 6 were inactive. (author)

  5. Methodology for characterization of corrosive agents of thermal insulating foams; Desenvolvimento de metodologia para caracterizacao de agentes corrosivos de espumas de isolamento termico

    Sousa, Flavio V. Vasques de [Universidade Federal, Rio de Janeiro, RJ (Brazil). Coordenacao dos Programas de Pos-graduacao de Engenharia. Fundacao Coordenacao de Projetos, Pesquisas e Estudos Tecnologicos - COPPETEC; Mattos, Oscar R.; Mota, Rafael O. da [Universidade Federal, Rio de Janeiro, RJ (Brazil). Coordenacao dos Programas de Pos-graduacao de Engenharia. Programa de Engenharia Metalurgica e de Materiais; Margarit-Mattos, Isabel C.P. [Universidade Federal, Rio de Janeiro, RJ (Brazil). Escola de Quimica. Dept. de Processos Organicos; Quintela, Joaquim P. [PETROBRAS, Rio de Janeiro, RJ (Brazil); Vieira, Magda M. [PETROBRAS, Rio de Janeiro, RJ (Brazil). Centro de Pesquisas

    2005-07-01

    Warming up oil and derivatives is a required procedure to make their transportation more efficient due to the increase in fluidity. Therefore, the use of thermally insulated pipeline becomes essential. The commonly practice has been the use of pipelines covered with an optional anticorrosive coating, followed by a polyurethane foam layer, as thermal insulator, and a polyethylene top coating for mechanical protection. During the life time of the pipeline, local ruptures of the polyethylene coating frequently occur, allowing the water permeation throughout the thermal insulator. This water may cause foam leaching that would release corrosive agents on the external wall pipe. The objective of the present work was to investigate the effects of the blowing agents, the addition of flame retardant to the foam as well as operating temperatures on the generation of corrosive solutions on the external wall of thermally insulated pipes. In this sense, polyurethane foams expanded with HCFC-141b, CFC-11 and CO{sub 2}, with and without flame retardant, were evaluated at the temperatures of 80 and 120 deg C. (author)

  6. Isolamento e avaliação do potencial citotóxico de derivados fenólicos de Schinus terebinthifolius Raddi (Anacardiaceae

    Jeferson S. Santana

    2012-01-01

    Full Text Available The EtOH extract from leaves of S. terebinthifolius was subjected to partition between EtOH:H2O and hexane, CH2Cl2, and EtOAc. The phases obtained were evaluated in vitro against human tumoral cell lines and the EtOAc phase exhibited activity. Chromatographic procedures afforded gallic acid (1, methyl (2 and ethyl (3 gallates, trans-catechin (4, quercitrin (5, and afzelin (6, being the first occurrence of 1, 4 and 6 in S. terebinthifolius.In vitro cytotoxic evaluation of 1 - 6 indicated that gallic acid (1 displayed higher activity than ethyl gallate (3 against HL-60 and HeLa cells, while compounds 2, 4 - 6 were inactive.

  7. EXTRAÇÃO, ISOLAMENTO E FRACIONAMENTO DA PROTEÍNA DE TREMOÇO (LUPINUS ALBUS VAR. MULTOLUPA

    VALDIR AUGUSTO NEVES

    2009-07-01

    Full Text Available

    O objetivo deste trabalho foi determinar as características de solubilidade da proteína de tremoço (Lupinus albus, var. Multolupa. Extração protéica de 84,6% foi obtida com o aumento da relação massa de farinha/ volume de extrator. A solubilidade protéica com o pH mostrou uma curva típica de globulinas com um mínimo entre os pHs 4 e 6. O efeito do aumento da concentração de NaCI até 1,0 M elevou a solubilidade na faixa do pH, no entanto reduziu na faixa de pHs ácidos. O tipo e a concentração de sais e pHs da solução afetaram a solubilidade protéica. O fracionamento com diferentes solventes solubilizou até 87,82% do nitrogênio da farinha de tremoço, e o nitrogênio solúvel em sal correspondeu a até 69% do total. A fração globulina representou 43,42% do total de proteínas, enquanto albumínas, prolaminas, glutelinas e resíduo insolúvel corresponderam a 10,77%, 0,49%, 16,29% e 8,59%, respectivamente. A cromatografia em Sepharose CL-6B mostrou a presença de um pico majoritário e dois componentes menores para a globulina total; e na cromatografia em Sephacryl S-300 HR, três componentes foram observados. A eletroforese em gel de poliacrilamida, da fração do tubo pico do componente majoritário eluído na coluna de Sephacryl, mostrou uma única banda de proteína. O conteúdo de açúcares das proteínas foi distinto para fração albumina e globulma

  8. Isolamento e seleção de microrganismos produtores de bioemulsificantes a partir de efluentes de industria de margarina e sabão

    Eliane Maria Ferrarezzo

    1998-01-01

    Resumo: O interesse por microrganismos produtores de bioemulsificantes tem crescido nas ultimas décadas pelo seu potencial de aplicação na indústria de alimentos, agrícola, farmacêutica e petroquímica assim como em biorremediação, devido as suas características de biodegradábilidade, não toxicidade e pela possibilidade de produção a partir de substratos renováveis. Bactérias, fungos filamentosos e leveduras com capacidade de produzir bioemulsificantes tem sido isolados de várias fontes de car...

  9. Atypical lymphocytosis in leptospirosis: a cohort of hospitalized cases between 1996 and 2009 in State of Rio de Janeiro, Brazil Linfócitos atípicos na leptospirose: coorte de pacientes hospitalizados entre 1996 e 2009, Estado do Rio de Janeiro

    Paulo Vieira Damasco

    2011-10-01

    Full Text Available INTRODUCTION: Leptospirosis is a zoonotic disease found in tropical and temperate countries, and its clinical diagnostic confusion with arboviruses (dengue fever, oropouche fever and yellow fever, Brazilian spotted fever, viral hepatitis and hantaviruses has been an ongoing public health concern. The aim of this observational study was to demonstrate an association between findings of atypical lymphocytosis and the progression of endemic leptospirosis. METHODS: A retrospective analysis was performed on the demographic, epidemiological, clinical and laboratory aspects of 27 human leptospirosis cases that occurred over a period of 13 years (1996-2009 with no reported epidemic outbreaks in Rio de Janeiro, Brazil. RESULTS: The overall mortality rate was 11.1% in our cohort of hospitalized cases. However, there was no mortality among patients with atypical lymphocytosis (OR = 11.1; 95% CI = 1.12-110.9; p = 0.04. Two patients who were in the septicemic phase showed signs of expansion of γδ T cell responses in peripheral blood. CONCLUSIONS: Atypical lymphocytosis may be observed in patients with leptospirosis. Our observations suggest that these atypical leukocyte subsets are associated with partial protection during the disease course of leptospirosis.INTRODUÇÃO: Leptospirose é uma zoonose que permanece endêmica em regiões tropicais e temperadas. A dificuldade no diagnóstico clínico diferencial entre os quadros de leptospirose humana e as várias arboviroses (dengue, febre amarela, febre de oropouche, febre maculosa brasileira, hepatite viral e hantavirose permanece um problema na Saúde Pública. MÉTODOS: No presente estudo, foi realizada análise retrospectiva de características demográficas, epidemiológicas, clínicas e laboratoriais de 27 casos de leptospirose humana que ocorrerem durante um período de 13 anos sem ocorrência de notificação de surtos epidêmicos no Rio de Janeiro, Brasil (1996-2009. RESULTADOS: A mortalidade da

  10. Infecção por Rhodococcus em doente imunocompetente - a propósito de um caso

    Susana Barbosa

    2015-12-01

    Full Text Available Resumo: O Rhodococcus equi raramente causa infecção no humano, sendo que a maioria dos casos descritos estão associados a doentes imunodeprimidos. Os autores apresentam o caso de um homem de 65 anos que foi admitido no serviço de urgência por agravamento da dispneia habitual, tosse e febre. Foi internado com o diagnóstico de sépsis com ponto de partida respiratório em pneumonia de focos múltiplos e peritonite. Medicado empiricamente com ceftriaxone, com melhoria clínica. Isolamento no líquido ascítico de Rhodococcus spp. Cumpriu 2 meses de antibioterapia com doxiciclina, com boa evolução clínica, analítica e radiológica. Os autores apresentam este caso dada a raridade da situação e pretendem realçar a necessidade de um elevado índice de suspeição para o diagnóstico da infecção por este agente em doentes imunocompetentes. Abstract: Rhodococcus equi rarely causes human infection, and most of the described cases are associated with immunosuppressed patients. The authors present a 65-year-old man who was admitted to the emergency department with worsening of dyspnoea, cough and fever. He was admitted with a diagnosis of sepsis with respiratory starting point in multiple foci pneumonia and peritonitis. He was medicated empirically with ceftriaxone, with clinical improvement. Isolation in the ascites fluid of Rhodococcus spp. He completed two months of antibiotic treatment with doxycycline, with clinical, analytical and radiological improvement. The authors present this case due to the rarity of the situation and highlight the need for a high index of suspicion for the infection diagnosis by this agent in immunocompetent patients.

  11. Investigação de surto de sarampo no Estado do Pará na era da eliminação da doença no Brasil

    Hiane Santos de Jesus

    2015-10-01

    Full Text Available Resumo Em 27 de julho de 2010, houve a notificação tardia de um resultado de IgM reagente para sarampo em Belém, Pará, Brasil, que gerou uma investigação epidemiológica e medidas de controle e prevenção. Foram encontrados mais dois casos confirmados, irmãos do primeiro caso, com clínica e período de incubação compatível com sarampo. Realizamos busca retrospectiva em hospitais e laboratórios, cujo caso suspeito fora o residente ou visitante do Pará, que entre 1o de maio de 2010 e 4 de agosto de 2010, tenha apresentado febre e exantema acompanhado de tosse e/ou coriza e/ou conjuntivite. Todos os casos identificados foram investigados via contato telefônico e/ou visitas domiciliares. Revisamos 183.854 fichas de atendimento, sendo identificados 56 (0,03% casos suspeitos. Aplicamos 2.535 doses de vacina tríplice viral distribuídas entre bloqueios e intensificações vacinais. Ocorreu um surto intradomiciliar de sarampo em Belém com detecção e isolamento de genótipo viral importado da Europa. Recomenda-se uma vigilância epidemiológica oportuna e sensível à detecção de casos suspeitos de sarampo e manutenção de coberturas vacinais altas.

  12. Annotated Bibliography for Lake Erie. Volume I. Biological,

    1974-10-01

    maculosa Le Sueur; calico bass, or Lake Erie bass, Pomoxis sparoides Lacepede. (SM) 52. Reardslee, Clark S. 1944. Bonapart’s gull on the Niagara...of the burbot, Lota lota maculosa (LeSueur), in Lake Erie. Trans. Am. Fish. Soc. 80:163-173. Growth studies were made on 2,329 Lake Erie burbot...almo -- hystus; whitefish, oe onus albus; common shad salmon, Coregonus a upelformis; aobony pike, Lepisosteus bison; spotted burbot, Lota maculosa ; and

  13. Compilation of 1990 Annual Reports of the Navy ELF Communications System Ecological Monitoring Program. Volume 2. Tabs C thru F.

    1991-08-01

    maculosa has increased since 1983 until it is now the most abundant flowering plant on the hill. Also abundant are Cirsium palustre Fragaria virginiana...two Megachile species under study, Sespecially for M. inermis. They were Hieracium aurantiacum Cirsium palustre and Centaurea maculosa . Further...site in 1988 because of a substantial population of Centaurea maculosa that bloomed in late July, in spite of the drought and hot temperatures. This

  14. Third Supplement to ’A Catalog of the Mosquitoes of the World’ (Diptera: Culicidae)

    1992-11-01

    and Green 1987:256). maculosa James and Liston. 19I 1. Rattanarithikul and Green 1987:256 (lectotype 9 desig.- BM). Subgenus Nyssorhynchus Blanchard...1990:39 (2 syntypes, BM). campiorhynchus (Thomson) annulipes Taylor, 1914. Townsend 1990:42 (?3 syntypes; BM). detritus (Haliday) maculosa Theobald, 1905...Skuse, 195 misionensis Duret. 199 macu/at us Theobald. 181 moenensis Iyengar, 2 10 maculosa James and Liston, 183 mojuensis Duret and Damasceno. 200

  15. Laboratory acquired infection by the virus SP H 114202 (Arenavirus: Arenaviridae: clinical and laboratory findings Infecção humana adquirida em laboratório causada pelo virus SP H 114202 (Arenavirus: família Arenaviridae: aspectos clínicos e laboratoriais

    Pedro Fernando da Costa Vasconcelos

    1993-12-01

    que a doença evoluía, passando de 5800 para 4100, 3400 e 2500 leucócitos por mm³ de sangue com 2,5,9 e 11 dias de doença, respectivamente. Ocorreram ainda, discretas alterações nas transaminases (TGO=54 e TGP=52 no 9º dia de doença. O coagulograma e velocidade de hemossedimentação foram normais. Conversão sorológica para o virus em apreço, foi detectada através dos testes de fixação do complemento, neutralização e ELISA. Sangue do paciente inoculado em camundongos recém nascidos, hamsters e células VERO, apresentou resultado negativo para isolamento de virus. Esse virus foi isolado pela primeira vez em São Paulo, em 1990, a partir do sangue de um paciente que apresentou febre hemorrágica com evolução fatal. Recomenda-se extremo cuidado no manuseio desse virus por tratar-se de patógeno com riscos de transmissão por aerossóis (contaminante classe III ou IV.

  16. A imunidade na febre tifóide I. A vacinação anti-tifoídica de Wright, 1896 a 1979 Immunity in typhoid fever. I. The anti-typhoid vaccine of Wristh, 1896 to 1979

    Arlete Moreira Milhomem

    1982-03-01

    Full Text Available A presente revisão aborda a literatura disponível sobre a vacinação anti-tifoídica. Sentiu-se desde o início a falta de um modelo experimental adequado para avaliar a potência da vacina e somente dados imcompletos e parciais foram obtidos de modelos humanos e animais em relação aos mecanismos imunológicos básicos da resposta à vacinação. Por esta razão um grande número de diferentes métodos foram propostos e usados, fornecendo variações em vários aspectos, tais como: a tipo de amostra bacteriana utilizada no preparo da vacina; b métodos de preparo (germes mortos por aquecimento e adição de preservativo, por éter, álcool, acetona, lisados bacterianos, germes vivos atenuados, etc.; c composição da vacina; d vias de inoculação (intradérmica, subcutânea, oral, etc.; e variação do número de microrganismos; d variação na dose e/ou intervalo entre as doses. Muitos ensaios de campo não foram conclusivos. Foi considerado que estes ensaios iniciais não tiveram controles adequados os quais foram introduzidos posteriormente em ensaios bem planejados, e patrocinados pela Organização Mundial da Saúde em várias partes do mundo (Iugoslávia, Polônia, União Soviética, ìndia e Condado de Tonga. Os dados disponíveis de tais ensaios permitiram as seguintes conclusões: a a vacina inativada por etanol foi de pouco ou nenhum valor profilático; b algumas vacinas inativadas ofereceram significante proteção; c a vacina inativada por acetona é mais eficaz; d não há proteção para as S. paratyphi A e B nas doses empregadas na TAB. Quando empregada a S. paratyphi B em doses maiores, esta proteção é obtida; e os testes em animais de laboratórios não podem ser completamente correlacionados com a efetividade no homem bem como o título de anticorpos para os antígenos H, o e Vi; f uma dose (0,5 a 1 ml de uma suspensão contendo 10*9 bactérias por ml da vacina inativada por acetona da razoável proteção por um curto período, enquanto duas doses (intervalo de 4 semanas dão maior proteção e por tempo mais longo; g a proteção oferecida pela vacinação é maior nos jovens que nos adultos; h a vacina oral inativada (Typhoral não oferece proteção mesmo em doses elevadas. Algumas experiências com animais (camundongos, chimpanzés e voluntários humanos indicaram que uma melhor proteção foi obtida com vacinas vivas atenuadas. Contudo em tais experiências houve persistência tanto da amostra vacinante como da amostra desafio e ainda uma relação significante entre a amostra da vacina rugosa utilizada para imunização e lesões renais abacterianas de natureza desconhecida.The present comprehensive review deals with the available literature on anti-typhoid vaccines. Among the biological products, no other has raised as much controversy regarding efficacy as this commom preventive, since its early introduction by Wright, Pfeiffer & Kole. From the beginning the lack of an adequate experimental procedure for testing the vaccine potency was felt, and only poor and partial data were gathered, both from human and animal models, in relation to the basic immunological mechanism of the response to vaccination. For this reason a number of different methods have been proposed and used leading to variations in such aspects as: a the nature of bacterial strains for preparing the vaccine; b the handling of vaccine strains-killed by heat, various chemicals (alcohol, ether acetone or lysed, or employing avirulent strains; c the addition of different components (preservatives and related microrganisms; d the route of application (subcutaneous, intradermal, oral, etc; e the dose (number of organisms; f the time schedule for application. Many field trials failed to be conclusive. It is considered that the early field trials lacked proper controls, which were introduced later, in the well planned investigations sponsored by World Health Organization, in several parts of the World (Yugoslavia, Poland, U.S.S.R., India, Tonga. Data available from such trials permitted the following conclusions: a killing of the vaccine strains by ethanol produced a vaccine of weak prophylactic value, if any; b killing by other means produced protective vaccines, with advantage for the one treated by acetone; c the doses of S. paratyphi A and S. paratyphi B put together in the usual TAB vaccination were insufficient. With a larger dose, protection was obtained in relation to S. paratyphi B; d no good correlation was obtained between animal tests and protection in humans. Also, titers to the O, Vi and H antigens did not bear a direct relationship with the vaccine protective effect; e one dose of the acetone killed vaccine (0.5 - 1.0 ml of a 10*9 ml bacterial suspension, subcutaneously, gave appreciable protection for a short period of time, which improved with two doses, four weeks apart; f better protection was observed in young people, as compared with the older; g no protective effect was detected when a killed oral vaccine (Typhoral was used. Some experiments with animals (mice, chimpanzees and human volunteers indicated a better protection being conferred by live attenuated vaccines. However, in some experiments persistence of both vaccine and challenge strains was observed as well as a significant relation between the rough vaccine strain used for the purpose and abacterial renal lesions of unknown origin.

  17. Estudos dos agrupamentos vegetativos relacionados com as áreas onde foram efetuadas as pesquisas sôbre a febre amarela silvestre no Município de Passos, Estado de Minas Gerais

    Henrique P. Veloso

    1947-09-01

    Full Text Available The work reported here was carried-out on the invitation of Dr. Henry Kumm, Director of the Rockefeller Foundation, and by appointment from Dr. Henrique Aragão, Director of the Instituto Oswaldo Cruz. It was done during the investigation of sylvan yellow fever, in June 1947, with a view to establishing the phyto-ecological conditions of the county of Passos. The pe¬riod was, however, too short for definite conclusions to be reached. Thanks are due to Dr. O. R. Causey, Chief of Research on Yellow Fever for transpor¬tation and other help. THE REGIONAL VEGETATION. Aerial photographs of the county of Passos shoto that it is covered by three great types of vegetation: Rain Forest, Secondary Pasture Land and Scrub.1 Detailed investigation, however, brings out the fact that these correspond to different seres; furthermore, each type presents not only the specific, characteristics of the biological form dominant for the climate, but also are at various stages, which express HABITATS differing from those of the normal sere. The phytogeographic survey of the region shows that most of it is now covered by secondary pasture land (disclimax in which Melinis minutiflora, v. "fat grass" (fig. 1, predominates. The mosaic of Rain Forest and of small patches of Scrub reveals the effects of human intervention (BARRETO, H. L. de Mello 1; consequently, all the formations have to be regarded as secon¬dary, though some of them probably include relicts of the primitive climax (WARMING, E. 2. On close examination, the Scrub cannot be considered as the climax, because of the following facts: 1. In the zone of Rain-Forest stretches of forest are present in very varied topographic conditions and the reconstitution of the associations show that man has destroyed an ecological unit (fig. 2. 2. In the zone of Scrub the characteristic patches are small. The banks of rivers and brooks, the valleys and ravine and whatever the soil has retained some humidity, is being invaded fry Rain Forest, which seems to be growing under optimum conditions. The Scrub is thus limited to small belts on the calcareous mountains and on sandy soils with alcaline depths (pH abo¬ve 7 which do not retain enough moisture for the Rain Forest that is progres¬sively restricting the area occupied by Scrub. In view of the topographic and present climatic conditions the Rain Forest must consequently be regarded as the regional climax. The presence of ecologically contradictory elements and associations shows that the real problem is that of the fluctuations of the climate of Passos or even of Minas Geraes during the quaternary and recent periods (DAN-SEREAU, P. : 3, a subject on which little is known and which is tied to the evolution of the climate of Brazil (OLIVEIRA, E. : 4 . The transformation of Scrub into Rain Forest has been - observed by the author before, in other parts of Brazil (VELOSO, PL P.: 5 . It seems probable that the Rio Grande has also greatly influenced the change of the regional vegetation, by invading areas of Scrub and dislocating the limit of the Pluvial climate towards the Canastra Range, though there are remnants of Scrub (postclimax transfor¬med into secondary open country (disclimax, fig. 5 by human devastation and the setting of fire to the land. VEGETATION GROUPS OF THE PLUVIAL TYPE. The map of the region also shows that at the present time the small patches of forest (whether devasted or intact occupy the least accessible places, such as valleys, peaks and abrupt slopes (fig. 2. Even these are now being destroyed, so that in the near future this forested region will be en¬tirely reduced to poor pasture land unless energetic measures of conservation are undertaken in time. The Special Service for Prophylaxis against Yellow Fever installed two of their four Stations for the Capture of Mosquitos in this area, one of them at Batatal and the other at Cachoeira, which have separate formations each of them composed of several associations. Other vegetation formations were also analysed, from the synecological point of view, so as to ascertain of which degree of succession their associations belong. These phytosociological sur¬veys give an idea of the principal characteristics of each station. BATATAL FORMATION. The abrupt nature of the valley has rendered this location inappropriate for agricultural purposes since colonial times. The relict of the primitive forest climax saved by this circumstance has expanded gradually to zones whose paedologic conditions favour the eatablishment of mesophilous species. The aerial photograph shows two small stretches of forest, one apparently primi¬tive, the other composed of associations belonging to the subclimax of the subsere. CACHOEIRA FORMATION. Aerial photographs show that this station is crossed by a small river, which divides it into two separate parts. The first, which presents ecological conditions similar, though not identical to those of Batatal, is favoured by topography and apparently remains primitive forest. Though the topography of the other, on the whole, favours the establishment of groups belonging to the normal sere of the climax, is has been partly devastated recently and the aspect of the associations has been completely modified. It was is this part that the four posts for the capturing of mosquitos were set up. The first forest is favoured by deposition of organic matter, washed out from the nearby devasted areas by torrential rains, and thus provides, an appropriate HABITAT for the climax species with certain hygrophilous trends of the ecological quasiclimax type. This association seems to have reached a biological equilibrium, as the dominates. Gallesia gorarema and Cariniana legalis (fig. 10, present an optimum vitality with a vigorous habit and a normal evolutionary cycle. The Cariniantum legalis Gallesiosum equilibrium, corresponds however, to a provisory association, because if the moving of soil by torrential rains should cease it would become possible…

  18. Life cycle of female ticks of Amblyomma cooperi Nuttal & Warburton, 1908 (Acari: Ixodidae under laboratory conditions Ciclo biológico de fêmeas do carrapato Amblyomma cooperi Nuttal & Warburton, 1908 (Acari:Ixodidae sob condições de laboratório

    A.T.S. Almeida

    2001-06-01

    de 64%. Estes dados foram obtidos sob alta umidade relativa, necessária para o sucesso da incubação dos ovos dessa espécie. Os dados preliminares obtidos com a infestação artificial em coelhos levanta a possibilidade dessa e de outras espécies domésticas serem possíveis elos epidemiológicos entre o ambiente doméstico e o silvestre, com potencial risco de exposição humana a A. cooperi e ao agente etiológico da febre maculosa.

  19. A ocorrência de riquetsioses do grupo Rickettsia rickettsii Occurrence of rickettsiosis of the group Rickettsia rickettsii

    Dalva A. Portari Mancini

    1983-12-01

    Full Text Available Foi realizada revisão da literatura com objetivo de atualizar as informações sobre a ocorrência de riquetsioses do grupo Rickettsia rickettsii. Verificou-se que nos EUA e Europa, a incidência da febre maculosa, vem aumentando desde 1970 até hoje. No Brasil, foi relatado um caso presuntivo, no estado da Bahia, em 1979. Com relação a prevenção, controle e tratamento dessa doença é salientada a importância de informações relacionadas com indivíduos expostos a picadas de carrapatos, notificação de novos casos, fatores ecológicos, técnicas laboratoriais mais específicas para a identificação do agente etiológico, e a antibioticoterapia mais eficiente. A vacinação é ainda referida como meio mais favorável na prevenção da doença, devendo ser administrada aos indivíduos de alto risco. No Brasil, faltam informações precisas sobre a ocorrência de R. rickettsii.A search of the literature to update the available information on the occurrence of rickettsiosis caused by the Rickettsia rickettsii group was made. It was verified that the incidence of spotted fever has had an increase in the U.S.A. and Europe since 1970. In Brazil, a presumptive case was reported in the State of Bahia, in 1979. Regarding the prevention, control and treatment of this disease, importance is given to data related to individuals exposed to tick bites, report of new cases, ecological factors, more specific laboratorial procedures for the identification of the etiological agent, and a more efficient antibiotic therapy. Vaccination is still regarded as the most adequate means for the prevention of the disease, and should be aimed at groups of individuals at high risk. In Brazil, there is a lack of more precise information on the occurrence of R. rickettsii.

  20. Ticks (Acari: Ixodidae as ectoparasites of Brazilian wild birds and their association with rickettsial diseases

    Maria Ogrzewalska

    2016-04-01

    Full Text Available Os carrapatos (Acari: Ixodoidea são ectoparasitas obrigatórias de uma variedade de hospedeiros vertebrados e têm um papel importante na ecologia e transmissão de diversos patógenos causadores de doenças em humanos e animais no mundo todo. No Brasil existem 68 espécies de carrapatos e pelo menos 23 espécies são encontradas parasitando aves silvestres. Esse número tem crescido com o advento de novos estudos ressaltando o papel das aves nos ciclos de vida desses artrópodes. Na América do Sul alguns desses carrapatos estão envolvidos na epidemiologia de doenças graves para o ser humano, como a febre maculosa, causada por bactérias do gênero Rickettsia (Rickettsiales: Rickettsiaceae. O alvo desse artigo é apresentar o estado atual de conhecimento sobre a fauna de carrapatos encontrados em aves no Brasil e as associações estabelecidas com as riquetsioses. A literatura disponível sobre carrapatos em aves e ocorrência de riquétsias foi revisada e pôde ser concluído que aves têm um papel importante nos ciclos de vida de várias espécies de carrapatos, sendo especialmente importantes para os estágios imaturos (larvas e ninfas. A maior parte do conhecimento sabrecai na fauna de carrapatos de aves dos biomas Mata Atlântica e Cerrado no sudeste e centro-oeste do Brasil. Já o conhecimento sobre o parasitismo por carrapatos em aves dos outros biomas: Amazônia, Caatinga, Pantanal e Pampas é muito limitado. Além disso, não há estudos sobre o papel de aves como disseminadores de carrapatos entre áreas e também o papel de aves no ciclo de Rickettsia não está totalmente esclarecido.

  1. Rickettsioses emergentes e reemergentes numa região endêmica do Estado de Minas Gerais, Brasil Emerging and reemerging rickettsiosis in an endemic area of Minas Gerais State, Brazil

    Márcio A. M. Galvão

    2002-12-01

    Full Text Available O trabalho descreve um inquérito sorológico para rickettsioses em escolares e cães de Novo Cruzeiro, Minas Gerais, Brasil, em 1998. Trezentos e trinta e um escolares pertenciam a uma área endêmica e 142 a uma área não endêmica do município. Trinta e nove (10,1% soros foram reativos à Reação de Imunofluorescência Indireta (RIFI para Rickettsia rickettsiino título de 1:64, sendo que dentre esses reativos, 35 eram de estudantes de escolas de área endêmica. Dentre os 73 cães analisados quanto à presença de anticorpos anti R. rickettsii, anti Ehrlichia chaffeensise anti Ehrlichia canisà RIFI no título de 1:64, 3 (4,11%, 11 (15,07% e 13 (17,81% desses animais foram reativos respectivamente aos antígenos testados. Conclui-se que, a sororeatividade para R. rickettsiiem indivíduos sadios sem história prévia de febre maculosa brasileira, uma doença marcante por sua alta letalidade, e a presença de sororeatividade para Ehrlichiacom potencial patogênico para o homem em cães, nos leva a indagar sobre a transmissão ao homem de outras espécies da família Rickettsiae na área estudada.This article describes a serological survey for rickettsiosis in the county of Novo Cruzeiro, Minas Gerais State, Brazil, in 1998, testing schoolchildren and dogs. Sera included 331 samples from schoolchildren from an endemic area and 142 samples from schoolchildren from a non-endemic area in the county. All children examined were healthy and had not reported clinical symptoms of Brazilian spotted fever prior to the serological survey. Some 35 children in the endemic area were reactive to Rickettsia rickettsiiby indirect fluorescent antibody (IFA with a titer of 1:64, corresponding to 10.6%. Sera from 73 dogs were tested, showing seroreactivity (IFA 1:64 to Rickettsia rickettsi, Ehrlichia chaffeensis, and Ehrlichia canisin 3 (4.11%, 11 (15.07%, and 13 (17.81%, respectively. The results in schoolchildren and the presence of canine seroreactivity to

  2. Compilation of 1992 Annual Reports of the Navy ELF Communications System Ecological Monitoring Program. Volume 2. Tabs C - F

    1993-08-01

    Picea glauca, and Pinus resinosus. Centaurea maculosa has increased since 1983 until it is now the most I abundant flowering plant on the hill. Also...population of Centaurea maculosa that bloomed in late July, in spite of the drought and hot temperatures. ThisI plant was not as abundant at the F2

  3. Plant neighbor identity influences plant biochemistry and physiology related to defense.

    Broz, Amanda K; Broeckling, Corey D; De-la-Peña, Clelia; Lewis, Matthew R; Greene, Erick; Callaway, Ragan M; Sumner, Lloyd W; Vivanco, Jorge M

    2010-06-17

    Chemical and biological processes dictate an individual organism's ability to recognize and respond to other organisms. A small but growing body of evidence suggests that plants may be capable of recognizing and responding to neighboring plants in a species specific fashion. Here we tested whether or not individuals of the invasive exotic weed, Centaurea maculosa, would modulate their defensive strategy in response to different plant neighbors. In the greenhouse, C. maculosa individuals were paired with either conspecific (C. maculosa) or heterospecific (Festuca idahoensis) plant neighbors and elicited with the plant defense signaling molecule methyl jasmonate to mimic insect herbivory. We found that elicited C. maculosa plants grown with conspecific neighbors exhibited increased levels of total phenolics, whereas those grown with heterospecific neighbors allocated more resources towards growth. To further investigate these results in the field, we conducted a metabolomics analysis to explore chemical differences between individuals of C. maculosa growing in naturally occurring conspecific and heterospecific field stands. Similar to the greenhouse results, C. maculosa individuals accumulated higher levels of defense-related secondary metabolites and lower levels of primary metabolites when growing in conspecific versus heterospecific field stands. Leaf herbivory was similar in both stand types; however, a separate field study positively correlated specialist herbivore load with higher densities of C. maculosa conspecifics. Our results suggest that an individual C. maculosa plant can change its defensive strategy based on the identity of its plant neighbors. This is likely to have important consequences for individual and community success.

  4. Plant neighbor identity influences plant biochemistry and physiology related to defense

    Callaway Ragan M

    2010-06-01

    Full Text Available Abstract Background Chemical and biological processes dictate an individual organism's ability to recognize and respond to other organisms. A small but growing body of evidence suggests that plants may be capable of recognizing and responding to neighboring plants in a species specific fashion. Here we tested whether or not individuals of the invasive exotic weed, Centaurea maculosa, would modulate their defensive strategy in response to different plant neighbors. Results In the greenhouse, C. maculosa individuals were paired with either conspecific (C. maculosa or heterospecific (Festuca idahoensis plant neighbors and elicited with the plant defense signaling molecule methyl jasmonate to mimic insect herbivory. We found that elicited C. maculosa plants grown with conspecific neighbors exhibited increased levels of total phenolics, whereas those grown with heterospecific neighbors allocated more resources towards growth. To further investigate these results in the field, we conducted a metabolomics analysis to explore chemical differences between individuals of C. maculosa growing in naturally occurring conspecific and heterospecific field stands. Similar to the greenhouse results, C. maculosa individuals accumulated higher levels of defense-related secondary metabolites and lower levels of primary metabolites when growing in conspecific versus heterospecific field stands. Leaf herbivory was similar in both stand types; however, a separate field study positively correlated specialist herbivore load with higher densities of C. maculosa conspecifics. Conclusions Our results suggest that an individual C. maculosa plant can change its defensive strategy based on the identity of its plant neighbors. This is likely to have important consequences for individual and community success.

  5. Isolation and partial chemical analysis of exopolysaccharides from cultivated marine diatom Coscinodiscus wailesii (Coscinodiscales, Bacillariophyta); Isolamento e analise quimica parcial de exopolissacarideos da diatomacea marinha cultivada Coscinodiscus wailesii (Coscinodiscales, Bacillariophyta)

    Marson-Ascencio, Poliana G.; Ascencio, Sergio Donizeti [Universidade Federal do Tocantins, Palmas, TO (Brazil); Baggio, Selma Faria Zawadzki, E-mail: polianamarson@uft.edu.br [Universidade Federal do Parana, Curitiba, PR (Brazil). Centro Politecnico. Dept. de Bioquimica e Biologia Molecular

    2012-07-01

    The marine diatom Coscinodiscus wailesii has attracted ecological interest because their blooms affect fishing areas. The aim of this work was the isolation, extraction and partial chemical characterization of soluble exopolysaccharide and bound exopolysaccharide from C. wailesii. Cultures were grown in Guillards f/2 medium under controlled conditions of temperature, aeration, photo period and light intensity. Percentage of carbohydrate, uronic acids, sulfates groups and cellular lipids was determined. Ion exchange chromatography of exopolysaccharides produced three fractions whose partial chemical structures were disclosed using {sup 13}C NMR and methylation techniques. (author)

  6. Isolamento e caracterização de estirpes de Bacillus thuringiensis coletadas em solos do oeste baiano - doi: 10.5102/ucs.v7i2.999

    Lílian Botelho Praça

    2010-06-01

    Full Text Available A partir de 21 amostras de solos da região oeste da Bahia, foram isoladas nove estirpes de B. thuringiensis. As estirpes de B. thuringiensis foram testadas contra lagartas de Spodoptera frugiperda, Anticarsia gemmatalis, Plutella xylostella e Anthonomus grandis. Das nove estirpes, duas apresentaram efetividade, a S2183 contra S. frugiperda e a S2186 contra S. frugiperda, A. gemmatalis e P. xylostella. Com relação ao A. grandis, nenhuma das estirpes apresentou mortalidade acima de 70%. Estas estirpes foram submetidas à bioensaios para cálculo da CL50 e a caracterizações bioquímicas e moleculares. Em bioensaio, a S2183 não apresentou efetividade nas doses recomendadas contra os insetos testados e S2186 apresentou uma CL50 de 375 µg/mL apenas para P. xylostella. As estirpes apresentaram duas proteínas principais de 100 e 70 kDa. Somente S2186 apresentou produtos de PCR para o gene cry2 e cristais bipiramidais, apresentando-se semelhante ao padrão B. thuringiensis subespécie kurstaki.

  7. Comparação da eficiência dos caldos de enriquecimento seletivo no isolamento de Salmonella Dublin Comparison of the efficiency of selective enrichment broths for Salmonella Dublin isolation

    D.G. Silva

    2008-06-01

    Full Text Available The aim of this study was to compare three different selective enrichment broths: Rappaport-Vassiliadis (RV, selenite cystine (SC and Muller-Kauffmann tetrathionate (MKT for Salmonella Dublin isolation from faecal samples of calf experimentally infected. The bacteriological procedure involved pre-enrichment stages in Hajna-GN broth (only for the samples inoculated in RV broth, selective enrichment, culture in modified brilliant green agar (BGA, presumptive biochemistry tests (using triple-sugar-iron agar and lysine-agar and slide agglutination test with poli-O and poli-H Salmonella antiserum. The effects of enrichment temperatures using RV broth were also evaluated (37ºC and 42ºC. SC broth was significantly more efficient in the isolation of Salmonella Dublin (P<0,05, whereas RV broth incubated at 42ºC had a lower efficiency in the microbiological isolation.

  8. Isolamento do alcalóide ricinina das folhas de Ricinus communis (Euphorbiaceae através de cromatografias em contracorrente Isolation of the alkaloid ricinine from the leaves of Ricinus communis (Euphorbiaceae through counter-current chromatography

    Ana Cristina Leite

    2005-12-01

    Full Text Available Droplet counter-current chromatography, rotation locular counter-current chromatography and high-speed counter-current chromatography were applied to the preparative separation of the alkaloid ricinine from the dichloromethane extracts of Ricinus communis leaves. The solvent system used was composed of dichloromethane-methanol-water (93:35:72 v/v/v and all techniques led to the isolation of large amounts of the alkaloid. The best result was obtained through HSCCC, since the ricinine yield was respectively 50% and 30% higher than when using RLCCC or DCCC.

  9. Pitiríase versicolor: isolamento e identificação das principais espécies de Malassezia Pityriasis versicolor: isolation and identification of the main species

    Valéria Maria de Souza Framil

    2010-02-01

    Full Text Available As espécies do gênero Malassezia isoladas foram: Malassezia sympodialis (16,66%, Malassezia furfur (12,50%, Malassezia globosa (11,45% e Malassezia slooffiae (2,10%. A Malassezia sympodialis foi a espécie que predominou em nosso estudo. As espécies de Malassezia identificadas não mostraram correlação com as variantes clínicas e com a distribuição das lesões de pitiríase versicolor quanto às regiões do corpo.Species of the genus Malassezia isolated were: Malassezia sympodialis (16.66%, Malassezia furfur (12.50%, Malassezia globosa (11.45%, and Malassezia slooffiae (2.10%. Malassezia sympodialis predominated in the study. The species of Malassezia identified did not show correlation with clinical variants and with the distribution of pityriasis versicolor lesions in relation to areas of the body.

  10. Isolamento e seleção de fungos para biorremediação a partir de solo contaminado com herbicidas triazínicos Isolation and screening of fungi to bioremediation from triazine herbicide contaminated soil

    Luciane Maria Colla

    2008-06-01

    Full Text Available A biorremediação é uma tecnologia que utiliza o metabolismo de microrganismos para eliminação ou redução, a níveis aceitáveis, de poluentes presentes no ambiente. Os herbicidas triazínicos são usados intensivamente no controle de ervas daninhas, principalmente na cultura de milho. Objetivou-se, neste trabalho, isolar fungos filamentosos de solos contaminados com herbicidas triazínicos (atrazine e simazine e selecionar os microrganismos isolados quanto à capacidade de crescimento em meio adicionado de atrazine. Os microrganismos foram isolados, cultivados em meio Ágar-Batata-Dextrose (BDA acidificado com ácido tartárico 10%, adicionado de 50 mg.Kg-1 de atrazine e incubados por 5 dias a 25ºC. Foi realizada a medida diária do crescimento fúngico e calculada a velocidade de crescimento radial através de regressão linear dos raios das colônias utilizando-se a equação r(t = a + VCR .t (r:raio; t: tempo; VCR: velocidade de crescimento radial. Os resultados de VCR foram analisados através de Anova simples e do teste de Tukey, para comparação de médias. Foram isolados 15 fungos, pertencentes aos gêneros Aspergillus, Penicillium e Trichoderma. As maiores VCRs foram obtidas com fungos Aspergillus (A1 e Penicillium (AS1, isolados de solo contaminado com atrazine e atrazine adicionado de simazine, respectivamente, que apresentaram VCRs de 1,57 mm.d-1 e 1,28 mm.d-1. O crescimento dos fungos em meio contaminado com a atrazine indica a possibilidade de utilização desses fungos em estudos de biorremediação de solos contaminados com herbicidas triazínicos.Bioremediation is a technology that uses microrganism metabolism to quickly eliminate or reduce pollutants to acceptable levels into the environment. The triazine herbicides are intensively used to control harmful grass in the culture of maize. The aim of this work was to isolate filamentous fungi from soil contaminated with triazine herbicides and screening these fungi due to their ability of growth in a medium added by atrazine. The fungi were isolated, cultivated in potato-dextrose-agar plus 50 mg.Kg-1 of atrazine and incubated for 5 days at 25ºC. The measure of the rays of the colonies was carried out daily and the radial growth rate (RGR through linear regression of colonies rays using the equation: r(t = a + RGR .t (r:ray; t: time; RGR: radial growth rate. The RGR results were analyzed through analysis of variance and Tukey test for comparison of averages. Fifteen filamentous fungi from genus Aspergillus, Penicillium and Trichoderma were isolated. The highest RGRs were obtained with the fungi Aspergillus and Penicillium, when isolated from contaminated soil with atrazine and atrazine + simazine, respectively, showing RGR of 1.57 mm.d-1 and 1.28 mm.d-1. The growth of these fungi in atrazine contaminated meas indicates a possible of use of them in bioremediation experiments with contaminated soil containing triazine herbicides.

  11. Isolamento e caracterização de espécies de Pythium de ambientes aquáticos no Estado do Rio Grande do Sul e avaliação da patogenicidade em modelo experimental

    Cristina G. Zambrano

    Full Text Available RESUMO: Foram coletadas 186 amostras de água de ambientes pantanosos em 13 municípios das regiões Sul, Central e Oeste do Rio Grande do Sul, Brasil, com o objetivo de isolar e caracterizar espécies de Pythium e avaliar a sua patogenicidade empregando coelhos como modelo experimental. Em 11,8% (n=22 das águas coletadas foram isoladas diferentes espécies de Pythium incluindo: P. insidiosum (n=1, P. catenulatum (n=3, P. pachycaule voucher (n=1, P. rhizo-oryzae (n=3, P. torulosum (n=4 e Pythium spp. (n=10. Zoósporos desses micro-organismos foram produzidos in vitro e inoculados por via subcutânea em coelhos, os quais foram avaliados durante 45 dias. Dentre os oomicetos testados, apenas P. insidiosum evidenciou patogenicidade, causando pitiose no modelo experimental, evidenciando que, em nossas condições, apenas esta espécie de Pythium é patógena para mamíferos.

  12. Isolation and partial characterization of a mutant of Bacillus thuringiensis producing melanin Isolamento e caracterização parcial de um mutante de Bacillus thuringiensis produtor de melanina

    Gislayne T. Vilas-Bôas

    2005-09-01

    Full Text Available A mutant (407-P of Bacillus thuringiensis subsp. thuringiensis strain 407 producing a melanin was obtained after treatment with the mutagenic agent ethyl-methane-sulfonate. Several microbiological and biochemical properties of the two strains were analyzed and the results were similar. The mutant 407-P was also incorporated into non-sterilized soil samples, recovered, easily identified, and quantified, what enables its use in ecology of B. thuringiensis.Um mutante (407-P da linhagem Bacillus thuringiensis subsp. thuringiensis 407 produtor de melanina foi obtido após tratamento com o agente mutagênico etil-metano-sulfonato. Diversas propriedades microbiológicas e bioquímicas das duas linhagens foram analisadas e os resultados foram similares. O mutante 407-P foi incorporado em amostras de solo não esterilizado, recuperado, facilmente identificado e quantificado, possibilitando seu uso em estudos de ecologia de B. thuringiensis.

  13. Recovery of tungsten from wolframite from the Igarape Manteiga mine (Rondonia - Brazil) via acidic leaching; Isolamento do tungstenio da volframita da mina de Igarape Manteiga (Rondonia - Brasil) por lixiviacao acida

    Paulino, Jessica Frontino; Afonso, Julio Carlos [Departamento de Quimica Analitica, Instituto de Quimica, Universidade Federal do Rio de Janeiro, RJ (Brazil); Mantovano, Jose Luiz; Vianna, Claudio Augusto; Cunha, Jose Waldemar Silva Dias da [Instituto de Engenharia Nuclear (IEN/CNEN-RJ), Rio de Janeiro - RJ (Brazil)

    2012-07-01

    We report results of the efficiency of tungsten extraction from wolframite concentrate (containing 61.5 wt % WO{sub 3}) from the Igarape Manteiga mine (state of Rondonia, Brazil) through acid leaching with strong mineral acids at 100 deg C and 400 rpm for 2-4 h. HCl yielded insoluble matter containing the highest WO{sub 3} content (90 wt %). This solid was dissolved in concentrated NH{sub 3(aq)} at 25 deg C and the insoluble matter filtrated. The filtrate was slowly evaporated. 70 wt % of the tungsten present in the starting concentrate material was recovered as ammonium paratungstate (APT). (author)

  14. Diagnosis and isolation of Toxoplasma gondii in horses from Brazilian slaughterhouses Diagnóstico e isolamento de Toxoplasma gondii em equídeos de frigoríficos brasileiros

    Fernanda Evers

    Full Text Available This study aimed to investigate anti-Toxoplasma gondii antibodies and to isolate the parasite from the brains of horses processed at slaughterhouses in Brazil. We collected brain and blood samples from 398 horses of various ages, from six Brazilian states. Serum samples were evaluated by indirect fluorescent antibody test (IFAT cut-off titre ≥ 1:64, and brains were submitted to mouse bioassay. Among the 398 horses, positivity for T. gondii was identified in 46 (11.6% by IFAT and in 14 (3.5% by mouse bioassay. In 12 of those 14 bioassays, mice were positive only by IFAT (cut-off titre ≥ 1:16, T. gondii being isolated in the remaining two. Using polymerase chain reaction-restriction fragment length polymorphism (PCR-RFLP analysis of 18S rDNA to differentiate among T. gondii, Neospora caninum, and Sarcocystis neurona, we found that two of the 14 brains were positive for T. gondii only. For genotyping of the two isolates and the PCR-positive brain, we performed PCR-RFLP based on 13 markers, and SAG2 all samples were Toxoplasma gondii type I. Collectively, IFAT of horse sera and mouse bioassay identified positivity in 60 (15% of the samples. Our results show that some horses sent to slaughter in Brazil have been exposed to T. gondii.O objetivo do estudo foi investigar anticorpos anti-Toxoplasma gondii e isolar o parasita do cérebro de equídeos abatidos em matadouros-frigoríficos no Brasil. Colheram-se amostras de 398 cérebros e sangue de equídeos machos e fêmeas de idades variadas, provenientes de seis estados brasileiros. As amostras de soro foram avaliadas pelo teste de imunofluorescência indireta (IFI para T. gondii (ponto de corte ≥ 64, e os fragmentos de cérebros foram submetidos ao bioensaio em camundongos. Por meio da IFI, 46 (11,6% equídeos foram soropositivos. Pelo bioensaio em camundongos, 14 (3,5% cérebros de equídeos testados foram positivos. Em doze dos bioensaios, os camundongos foram positivos somente pela IFI (ponto de corte ≥ 16 e T. gondii foi isolado nos outros dois bioensaios. A PCR-RFLP com base em 18S rDNA para diferenciar entre T. gondii, Neospora caninum, e Sarcocystis neurona foram feitas em todos os 14 cérebros e dois foram positivos apenas para T. gondii. De dois isolados positivos para T. gondii e do cérebro positivo à PCR em que realizou-se a PCR-RFLP, com base em 13 marcadores e SAG2, a genotipagem mostrou ser o T. gondii tipo I para todas as amostras. A IFI de soros de equídeos e do bioensaio em camundongos identificaram positividade em 60 (15% amostras testadas. Os resultados mostram que alguns cavalos enviados para abate foram expostos ao T. gondii.

  15. Isolamento, caracterização e avaliação da atividade fotossensibilizadora de cumarinas e furanocumarinas extraídas de espécies de Citrus

    Letícia Fracarolli

    2015-01-01

    O crescente aumento da tolerância aos fungicidas atualmente utilizados é um dos principais problemas tanto na área clínica quanto na agrícola e tem estimulado o desenvolvimento de estratégias alternativas para o controle de fungos patogênicos, tais como o tratamento fotodinâmico antimicrobiano (TFA), que pode utilizar fotossensibilizadores (FS) de origem natural ou sintética. Alguns FS, como as cumarinas e furanocumarinas, são produzidos por espécies de Citrus como limão Tahiti (Citrus latifo...

  16. Solar distiller of pyramidal covering and isolation in composite material the Plaster base and EPS; Destilador solar de cobertura piramidal e isolamento em material composito a base de Gesso e EPS

    Santos, R. D.; Ribeiro, F. A.; Mendes, J. U.; Lima, R. S.; Souza, L. G.; Abreu, R. F.

    2008-07-01

    To demonstrate then term viability calorific and economic of the material, compared to the others conventional distiller, here is presented a solar distiller os simple stage, with has as main differential characteristics the geometry of the covering and the material used to make its coating. the model built has an area of 0,25 m{sup 2} and pyramidal covering, witch allows the collection of the distillate water in the four faces, different of just two like is found in the conventional distiller, besides promote the absorption of the radiation because of its versatility about the positioning of the sun. Not despite, its built is favored for the low cost associated and the agility in the process because it is made with a mix of gypsum, EPS ground and water, witch also attributes to the distiller thermal properties more favorable to the process of distillation. (Author)

  17. Isolamento e determinação de sensibilidade e resistência a antimicrobianos de cepas bacterianas presentes na cloaca de Trachemys scripta elegans (Wied, 1839 criadas em cativeiro em Petrolina, PE

    Fernando B. da Silva Sobrinho

    Full Text Available RESUMO: Este estudo isolou e determinou o perfil de sensibilidade e de resistência a antimicrobianos de cepas bacterianas isoladas da cloaca de Trachemys scripta elegans (T. s. elegans criadas em cativeiro. Após 120 dias de adaptação, amostras de swab cloacal obtidas de 20 animais adultos foram cultivadas e, após a identificação dos patógenos através de testes bioquímicos, submetidas ao teste de suscetibilidade a nove antimicrobianos. Enterobacter aerogenes (85%; Shigella spp. (10% e Edwadsiella spp. (5% foram isolados e identificados. Os isolados de E. aerogenes foram sensíveis à gentamicina (86%, enrofloxacina (79%, estreptomicina (50%, sulfazotrim (36% e ampicilina (29% e resistentes a penicilina (100%, eritromicina (93%, cefalexina (86% ampicilina (71% e sulfazotrim (64%. Isolados de Shigella spp. apresentaram sensibilidade à gentamicina (100%, enrofloxacina (50%, doxicilina (50%, estreptomicina (50%, ampicilina (50%, penicilina (50% e sulfazotrim (50% e resistência a doxicilina (50%, estreptomicina (50%, ampicilina (50%, penicilina (100%, cefalexina (50% e sulfazotrim (50%, enquanto que os de Edwardsiella spp. foram sensíveis apenas à gentamicina (100% e altamente resistentes (100% aos demais antimicrobianos. Os resultados sugerem a participação de T. s. elegans na cadeia epidemiológica, como reservatório de patógenos importantes, como E. aerogenes, Shigella spp. e Edwardisiella spp., tornando importante a adoção de medidas preventivas pelo risco zoonótico que apresentam e corretas de tratamento e de controle em cativeiros e domicílios, assim como de estudos que enfoquem as características de sensibilidade e de resistência antimicrobiana dos isolados cloacais, pois a multirresistência a drogas pode ser transmitida aos humanos e comprometer o tratamento de indivíduos com doenças graves.

  18. Isolamento, caracterização e diferenciação de células-tronco mesenquimais do líquido amniótico equino obtido em diferentes idades gestacionais

    Bruna De Vita

    2013-04-01

    Full Text Available O interesse nas pesquisas com células-tronco derivadas de anexos fetais de diversas espécies cresceu exponencialmente nas últimas décadas em virtude de serem fontes de células-tronco adultas com potencial de diferenciação em diversas linhagens celulares que apresentam pouca ou nenhuma imunogenicidade, apresentando-se assim como alternativa de grande importância para a formação de bancos celulares. Apesar do crescente interesse, os estudos para espécie equina ainda são escassos. O objetivo deste trabalho foi isolar, caracterizar e diferenciar células-tronco mesenquimais (CTMs derivadas do líquido amniótico equino obtidas do terço inicial, médio e final da gestação (LA-CTMs, comparando suas características. Foram colhidas 23 amostras de líquido amniótico as quais foram submetidas às análises morfológica, imunocitoquímica, imunofenotípica por citometria de fluxo e às diferenciações osteogênica, adipogênica e condrogênica in vitro. Todas as amostras demonstraram adesão ao plástico e morfologia fibroblastóide. No ensaio imunocitoquímico as células de todos os grupos foram imunomarcadas para CD44, PCNA e vimentina com ausência de marcação para citoqueratina e Oct-4. Na citometria de fluxo observou-se a expressão de CD44 e CD90 e ausência de expressão de CD34, sendo que os marcadores CD44 e CD90 mostraram padrão de expressão decrescente em relação ao desenvolvimento gestacional. As amostras obtidas de todas as fases da gestação foram capazes de diferenciação nas linhagens osteogênica, condrogênica e adipogênica. Portanto, as células obtidas do líquido amniótico apresentaram características morfológicas, imunofenotípicas e potencial de diferenciação típicos das CTMs, demonstrando que a colheita pode ser realizada em qualquer fase gestacional. No entanto, mais pesquisas devem ser realizadas principalmente quanto à expressão de marcadores de pluripotencialidade (como o Oct-4 e ao seu potencial de diferenciação em linhagens extra mesodermais já relatados na literatura.

  19. Isolamento, fracionamento e avaliação toxicológica in vivo de polissacarídeos sulfatados de Hypnea musciformis Isolation, fractionation and in vivo toxicological evaluation of sulfated polysaccharides from Hypnea musciformis

    José Ariévilo Gurgel Rodrigues

    2011-07-01

    Full Text Available Objetivou-se isolar, fracionar e avaliar a toxicidade in vivo dos polissacarídeos sulfatados (PSs da rodofícea Hypnea musciformis, quando obtidos por três métodos de extração (M I; M II e M III. Os PSs foram extraídos com papaína em tampão acetato de sódio 100mM (pH 5,0, contendo cisteína e EDTA (5mM (M I ou água (25-80°C (M II; 80°C (M III e, em seguida, determinados sua composição química de carboidratos totais, sulfato livre (SL e proteínas contaminantes (PCs. Os PSs foram submetidos à cromatografia de troca iônica (DEAE-celulose usando um gradiente de cloreto de sódio, sendo avaliado o grau de homogeneidade e densidade de carga por eletroforese em gel de agarose das frações obtidas e comparadas à heparina. O ensaio in vivo foi realizado em grupos (n=6 de camundongos Swiss machos e fêmeas (24-33g, os quais receberam: PSs (9mg kg-1; i.p. isentos do PCs (M I e salina 0,9% (0,1mL 10g-1; i.p., durante 14 dias consecutivos. No 15o dia, os animais foram anestesiados e sacrificados para coletas de sangue e órgãos, os quais foram utilizados para dosagens bioquímicas e correlações com suas massas corpóreas, respectivamente. O teor de SL (31,05±0,53% (P0,05.This study aimed to isolate, fractionate and evaluate the in vivo toxicity of sulfated polysaccharides (SPs from Hypnea musciformis (Rhodophyta, when obtained by three extraction methods (M I, M II and M III. SPs were extracted with papain in 100mM sodium acetate (pH 5.0 containing cysteine and EDTA (5mM (M I or water (25-80°C (M II, 80°C (M III, and then their chemical composition of total carbohydrates, free sulfate (FS and contaminant proteins (CPs was determined. SPs were submitted to ion-exchange chromatography (DEAE-celulose using a sodium chloride gradient, being the degree of homogeneity and charge density evaluated by agarose gel electrophoresis of the fractions obtained and compared to heparin. The in vivo assay was performed using groups (n=6 of male and female Swiss mice (24-33g, which received: SPs (9mg kg-1, i.p. absence of CPs (M I and 0.9% saline (0.1mL 10g-1, i.p., for 14 consecutive days. On the 15th day, collect blood and organs for biochemical dosages and corporal mass correlation, respectively, from the animals anesthetized and sacrificed were performed. The sulfate content of FS (31.05±0.53% (P0.05

  20. Isolation of Mucorales from processed maize (Zea mays L. and screening for protease activity Isolamento de Mucorales de milho processado (Zea mays L. e seleção quanto à atividade proteásica

    André Luiz Cabral Monteiro de Azevedo Santiago

    2008-12-01

    Full Text Available Mucoraleswere isolated from maize flour, corn meal and cooked cornflakes using surface and depth plate methods. Rhizopus oryzae, Circinella muscae, Mucor subtilissimus,Mucor hiemalis f. hiemalis, Syncephalastrum racemosum, Rhizopus microsporus var. chinensis and Absidia cylindrospora showed protease activity.Mucorales foram isolados da farinha de milho, fubá e flocos de milho pré-cozidos pelos métodos de plaqueamento em superfície e em profundidade. Rhizopus oryzae, Circinella muscae, Mucor subtilissimus,Mucor hiemalis f. hiemalis, Syncephalastrum racemosum, Rhizopus microsporus var. chinensis e Absidia cylindrospora exibiram atividade proteásica.

  1. Contagem de células somáticas e isolamento de agentes causadores de mastite em búfalas (Bubalus bubalis Somatic cell count and mastitis causing pathogens isolation in water buffaloes (Bubalus bubalis

    L.B. Carvalho

    2007-02-01

    Full Text Available The research was accomplished in eight dairy water buffalo herds, randomically choosen in Região do Alto São Francisco, State of Minas Gerais, Brazil. Information was collected from March to November, 2003 during 270 days of observation. In order to determine the somatic cell count (SCC in presence or absence of microbial isolation, 1,393 samples were collected from 285 lactating females and microbiological exams and SCC were done. Samples obtained from udders without evidence of clinical or subclinical inflammation showed infection for a great variety of microbial mastitis pathogens. The low SCC did not necessarily indicate the absence of intramammary infection, suggesting that SCC patterns used for bovine cannot be appropriate in order to control mastitis in buffalo herds.

  2. Isolamento de clones com atividade lipolítica do metagenoma de solo contaminado com gordura animal e caracterização de uma nova e eficiente lipase

    Glogauer, Arnaldo

    2012-01-01

    Resumo: Um gene de uma nova lipase foi identificado a partir de uma biblioteca metagenomica de 500.000 clones construida com a fracao majoritariamente procariotica do DNA de um solo contaminado com gordura animal, proveniente de uma estacao de tratamento de efluentes. Na triagem inicial feita em agar contendo 1% de tributirina, 2661 dos 500.000 clones da biblioteca metagenomica apresentaram atividade. Destes, 127 apresentaram atividade em agar contendo 1% de tricaprilina, enquanto que 32 se m...

  3. Isolamento e teste de susceptibilidade a antimicrobianos de bactérias em infecções uterinas de éguas Isolation and antimicrobial susceptibility of bacteria in uterine infections in mares

    N. Silva

    1999-06-01

    Full Text Available Foram examinados 206 "swabs" cervicais e uterinos de éguas de várias raças, de diversas regiões do Estado de Minas Gerais, durante o período de 1986 a 1996. Cerca de 164 "swabs" foram positivos para a presença de microrganismos causadores de endometrites. Streptococcus equi subsp. zooepidemicus (25,7% e Escherichia coli (15,1% foram os principais agentes infecciosos isolados. Outros microrganismos presentes foram: Staphylococcus aureus (9,2%, Streptococcus alfa-hemolítico (9,2%, Pseudomonas aeruginosa (3,9%, Staphylococcus coagulase negativo (6,3%, Bacillus spp. (1,9%, Rhodococcus equi (3,4% e Proteus mirabilis (1,5%. As provas de susceptibilidade aos antimicrobianos revelaram que amicacina e gentamicina (70,2%, ampicilina (59,5% e cloranfenicol (59,5% foram os antibióticos de maior ação in vitro contra os microrganismos isolados.This study examined 206 cervical and uterine swabs collected from infected mares from herds in the Minas Gerais State, Brazil, from 1986 to 1996. Amongst 164 successful isolations, 25.7% were identified as Streptococcus equi, subsp. zooepidemicus, and 15.1% as Escherichia coli, both considered the most important isolates. Other bacteria found included Staphylococcus aureus (9.2%, Streptococcus alpha-hemolytic (9.2%, Pseudomonas aeruginosa (3.9%, coagulase negative Staphylococcus (6.3%, Bacillus spp. (1.9%, Rhodococcus equi (3.4% and Proteus mirabilis (1.5%. The antibiotic susceptibility tests revealed amikacin and gentamicin (70.2%, ampicillin and chloramphenicol (59.5% as the most effective in vitro antibiotics against these microorganisms.

  4. Isolamento e identificação da microbiota periodontal de cães da raça Pastor Alemão Isolate and identify of periodontal microbiota of German Shepherd dogs

    Carla Afonso da Silva Bitencourt Braga

    2005-04-01

    Full Text Available A microbiota indígena gengival de cães não está totalmente descrita, sendo sua identificação uma etapa importante no estabelecimento da etiopatogenia e terapia da doença periodontal. O objetivo deste trabalho foi isolar e identificar a microbiota periodontal de cães da raça Pastor Alemão, considerando sítios saudáveis e com doença periodontal. Foram utilizados 29 cães, com idade variando de três a seis anos, sendo analisados espécimes clínicos de sítios periodontais saudáveis de 12 cães e sítios com periodontite de outros 17. Foram isoladas 672 amostras microbianas, com predomínio dos gêneros Pasteurella, Staphylococcus, Porphyromonas e Fusobacterium. A microbiota dos sítios saudáveis equiparou-se à dos sítios doentes, tratando-se de uma microbiota indígena. A microbiota dos sítios doentes apresentou-se aumentada em relação a dos sítios saudáveis, indicando mudança do ambiente do sítio periodontal.The indigenous gingival microbiota of dogs is not totally described, although such identification is an important step to establish the etiopathogenesis and adequate therapy for the periodontal disease. The aims of this study were to isolate and identify the periodontal microbiota of German Shepherd dogs from healthy and with periodontal desease sites. Twenty nine German Shepherd dogs from three to six years of age were used in this study. Clinical specimens were analysed from healthy periodontal sites of 12 dogs and sites presenting gingivitis of 17 dogs. A total amount of 672 microbial samples, were isolated where the predominant genera were Pasteurella spp., Staphylococcus spp., Porphyromonas spp. and Fusobacterium spp. The microbiological population of the affected sites was similar to the healthy sites, consisting on an indigenous microbiota. The microbiota on the affecteded sites was higher in number than on the healthy sites, showing change in the environment of the periodontal sites.

  5. Isolation and characterization of a chitinase gene from entomopathogenic fungus Verticillium lecanii Isolamento e caracterização de um gene de quitinase do fungo entomopatogênico Verticillium lecanii

    Yanping Zhu

    2008-06-01

    Full Text Available Entomopathogenic fungus Verticillium lecanii is a promising whitefly and aphid control agent. Chitinases secreted by this insect pathogen have considerable importance in the biological control of some insect pests. An endochitinase gene Vlchit1 from the fungus was cloned and overexpressed in Escherichia coli. The Vlchit1 gene not only contains an open reading frame (ORF which encodes a protein of 423 amino acids (aa, but also is interrupted by three short introns. A homology modelling of Vlchit1 protein showed that the chitinase Vlchit1 has a (α/β8 TIM barrel structure. Overexpression test and Enzymatic activity assay indicated that the Vlchit1 is a functional enzyme that can hydrolyze the chitin substrate, so the Vlchit1 gene can service as a useful gene source for genetic manipulation leading to strain improvement of entomopathogenic fungi or constructing new transgenic plants with resistance to various fungal and insects pests.O fungo entomopatogênico Verticillium lecanii é um agente promissor no controle da mosca-branca e do pulgão. As quitinases secretadas por esse patógeno de insetos têm uma grande importância no controle biológico de doenças causadas por insetos. Um gene de endoquitinase Vlchit1 desse fungo foi clonado e expresso em Escherichia coli. O gene Vlchit contém não apenas um ORF que codifica uma proteína de 423 aminoácidos, mas também é interrompido por três pequenos introns. A modelagem de homologia da proteína Vlchit1indicou que a quitinase Vlchit1 tem uma estrutura (α/β 8 TIM barrel. Testes de expressão e de atividade enzimática indicaram que Vlchit1 é uma enzima funcional que hidroliza quitina, portanto o gene Vlchit pode ser um gene útil para manipulação genética para melhoramento de cepas de fungos entomopatogênicos ou para a construção de novas plantas transgênicas com resistência a várias doenças causadas por fungos e insetos.

  6. Universal isolation precautions for patients at an academic hospital Precauciones universales en el aislamiento de pacientes en un hospital universitario Precauções universais em isolamentos de pacientes em hospital universitário

    Vanessa Gomes Maziero; Marli Terezinha Oliveira Vannuchi; Dagmar Willamourius Vituri; Maria do Carmo Lourenço Haddad; Cristiane Nakaya Tada

    2012-01-01

    OBJECTIVE: To apply universal isolation precautions for patients at an academic hospital by a nursing team. METHODS: This descriptive and prospective study used data from advice service of quality control and nursing care that were gathered in observational reports of universal isolation precautions for patients admitted in two surgical inpatient units during 2008 and 2010. RESULTS: The mean general classification for both units was between desirable and adequate in the observational analysis...

  7. Isolation and characterization of hemolytic bacteria Fish disc and Neon RainbowIsolamento e caracterização de bactérias hemolíticas de Acará Disco e Neon Arco-Íris

    José Luiz Pedreira Mouriño

    2012-05-01

    Full Text Available The aim of this study was to isolate, identify and determine the ability of potential pathogenic bacteria hemolytic mite Disco (Symphysodon discus and Neon Rainbow (Melanotaenia praecox, and define which of the antibiotic Trimethoprim, Florfenicol, Chloramphenicol, Norfloxacin, Erythromycin, Bacitracin, Enrofloxacin, Tetracycline, and Furazolidone Clindamycin has better inhibitory effect in vitro, and determine the minimum inhibitory concentration (MIC for Chloramphenicol, Norfloxacin, Erythromycin and Enrofloxacin. In an outbreak of ornamental fish deaths were isolated nine strains of Gram negative, hemolytic where 3 were identified, two as Vibrio cholerae and one as Citrobacter braakii. With these strains were performed antibiogram and was determined the minimum inhibitory concentration at two different temperatures (22 and 30 ° C. Antibiotics Enrofloxacin, Norfloxacin, florfenicol, chloramphenicol and trimethoprim showed the best results in vitro inhibition against the Vibrio cholerae, and Citrobacter braakii. The MIC increased in 30 ° C for erythromycin and enrofloxacin against pathogens, while for Florfenicol and norfloxacin the MIC was not influenced by temperature.O objetivo deste estudo foi isolar, identificar e determinar a capacidade hemolítica de possíveis bactérias patogênicas do Acará Disco (Symphysodon discus e Neon Arco-íris (Melanotaenia praecox, e definir qual o antibiótico entre Trimetoprim, Florfenicol, Cloranfenicol, Norfloxacina, Eritromicina, Bacitracina, Enrofloxacina, Tetraciclina, Furazolidona e Clindamicina possui melhor efeito inibitório in vitro, e determinar a concentração inibitória mínima (MIC para Cloranfenicol, Norfloxacina, Eritromicina e Enrofloxacina. Em um surto de mortalidade de peixes ornamentais foram isoladas nove cepas de bactérias Gram negativas, onde três hemolíticas foram identificadas, duas como Vibrio cholerae e uma como Citrobacter braakii. Com estas foram realizados antibiogramas e determinada a concentração inibitória mínima em duas diferentes temperaturas (22 e 30°C. Os antibióticos Enrofloxacina, Norfloxacina, Florfenicol, Cloranfenicol e Trimetoprim apresentaram os melhores resultados de inibição in vitro frente ao Vibrio cholerae e Citrobacter braakii. O MIC da Eritromicina e Enrofloxacina frente aos patógenos aumentou a 30°C, enquanto que para o Florfenicol e a Norfloxacina o MIC não foi influenciado pela temperatura.

  8. Isolamento e identificação pela imunofluorescência direta e reação em cadeia de polimerase do vírus da artrite-encefalite caprina

    Castro R.S.

    1999-01-01

    Full Text Available Amostras do vírus da artrite-encefalite caprina (CAEV de animais dos estados de Minas Gerais e Pernambuco foram isoladas a partir de explantes de membrana sinovial (MS (amostras BrMg 1-01, BrMg 2-01, BrMg 2-02, BrMg 2-03 e BrPe 1-01 ou de co-cultivo de leucócitos com MS (BrMg 1-02. As amostras foram identificadas pelo efeito citopático-ECP (formação de sincícios, imunofluorescência direta (IFD e reação em cadeia de polimerase (PCR aperfeiçoada para amplificação de parte do gene gag da amostra CAEV Cork. O estudo do ECP revelou a presença de amostras pouco (BrMg 1-01 e BrMg 1-02 ou fortemente indutoras de ECP (BrMg 2-01, BrMg 2-02, BrMg 2-03 e BrPe 1-01. A IFD mostrou resultado positivo em células de todas as monocamadas infectadas pelas amostras isoladas e em células de referência (CAEV Cork e visna/maedi K 1514. A PCR do DNA de células infectadas resultou na amplificação específica de um fragmento de DNA de 286pb da amostras testadas, exceto do visna/maedi K 1514.

  9. Chemical constituents of Parmotrema lichexanthonicum Eliasaro and Alder: isolation, structure modification and evaluation of antibiotic and cytotoxic activities; Constituintes quimicos de Parmotrema lichexanthonicum Eliasaro and Adler: isolamento, modificacoes estruturais e avaliacao das atividades antibiotica e citotoxica

    Micheletti, Ana C.; Beatriz, Adilson; Lima, Denis Pires de; Honda, Neli K. [Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), Campo Grande, MS (Brazil). Dept. de Quimica]. E-mail: nkhonda@nin.ufms.br; Pessoa, Claudia do O; Moraes, Manoel Odorico de; Lotufo, Leticia Veras; Magalhaes, Hemerson Iury Ferreira [Universidade Federal do Ceara (UFC), Fortaleza, CE (Brazil). Dept. de Fisiologia e Farmacologia; Carvalho, Nadia C.P. [Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), Campo Grande, MS (Brazil). Hospital Universitario. Lab. de Microbiologia

    2009-07-01

    From the lichen Parmotrema lichexantonicum were isolated the depsidone salazinic acid, the xanthone lichexanthone, and the depside atranorin. The two major compounds, salazinic acid and lichexanthone, were selected for structure modifications. Salazinic acid afforded O-alkyl salazinic acids, some of them potentially cytotoxic against tumor cell lines (HCT-8, SF-295 and MDA/ MB - 435). From lichexanthone were obtained norlichexanthone, 3-O-methylnorlichexanthone, 3-O-methyl-6-O-prenylnorlichexanthone, 3,6-di-O-prenyl-norlichexanthone, 3,6-bis[(3,3-dimethyloxyran-2-il)methoxy] -1-hydroxy-8-methyl-9H-xanten-9-one and 3,6-bis[3-(dimethylamine)propoxy]-1-hydroxy-8-methyl- 9H-xanten-9-one. The last compound was the most active against S. aureus. (author)

  10. ISOLATION AND IDENTIFICATION OF STRAINS OF Salmonella spp IN RED-FOOT-TORTOISES FROM WILDLIFE TRADE ISOLAMENTO E IDENTIFICAÇÃO DE CEPAS DE Salmonella spp DE JABUTIS-PIRANGA ORIUNDOS DO TRÁFICO DE ANIMAIS SILVESTRES

    Oberdan Coutinho Nunes

    2010-04-01

    Full Text Available We investigated Salmonella sp. in red-foot tortoise (Chelonoides carbonaria because of the fact this particular reptile shows high frequency of illegal commerce, and also because this situation represents a serious risk for health. We collected feces of 89 turtles from the wildlife center “Chico Mendes” - IBAMA/SUPES-BA. Characteristic colonies of Salmonella sp. were isolated in 12.36% of the tortoises (11/89. Nine colonies were identificated at the Adolfo Lutz Institute, distributed into six different sorotypes: S. enterica salamae 47:b:-; S. enterica houtenae 21:g,z51; S. Panama; S. Poona; S. Javiana e S. Michigan. All of them, according to literature, without previous description of infection in C. carbonaria whatsoever. However, there are previous cases of infections and antibiotics resistance involving these sorotypes, confirming the risk represented by wildlife trade to public health concerning the children’s exposition to the source of infection as well as the dissemination of resistant sorotypes.

    KEY WORDS: Epidemiology, reptiles, zoonosis.

    Este trabalho objetivou investigar a ocorrência de Salmonella sp. em jabutis-piranga (Chelonoides carbonaria, dada sua elevada frequência no comércio ilegal e risco que representa para a saúde. Coletaram-se fezes de 89 jabutis mantidos no Centro de Triagem de Animais Silvestres Chico Mendes – IBAMA/SUPES-BA. Isolaram-se colônias características de Salmonella sp. em 12,36% dos jabutis (11/89. Destas, nove foram identificadas no Instituto Adolfo Lutz (São Paulo, distribuindo-se em seis diferentes sorovares: S. enterica salamae 47:b:-; S. enterica houtenae 21:g,z51; S. Panama; S. Poona; S. Javiana e S. Michigan, todas, segundo a literatura consultada, sem prévia descrição para C. carbonária. No entanto, estão presentes em relatos de infecções e em estudos sobre resistência a antibióticos, confirmando o risco representado pelo tráfico de animais para a saúde pública, por conta da exposição de crianças à fonte de infecção e pela disseminação de sorovares resistentes.

    PALAVRAS-CHAVES: Epidemiologia, répteis, zoonoses.

  11. Isolamento e sensibilidade a quimioterápicos de streptococcus spp envolvidos na mastite clínica e subclínica de bovinos da microrregião de Araguaína, Tocantins

    Bruna Alexandrino

    2015-11-01

    Full Text Available The bovine mastites is the main dairy cattle’s disease due to its prevalence, causing a severe economic impact in the world. Its etiology is complex, but the main agente is the Staphylococcus aureus, followed by the Streptococcus spp. The present study aims at isolating the micro-organismes belonged to the gender Streptococcus and presented in the cow’s milk of the Araguaina’s micro-region, and test its sensitivity to several drugs available at the market. A total of 148 animals were used, totaling 544 mammary quarters available. Into these quarters, 294 milk’s samples were asseptically recolted among five properties designed from A to E, in which 121 samples are from A’s property, 36 from B, 20 from C, 74 from D and 43 from E. The properties A and C employ the mechanic milking, while the properties D and E employ hand milking. There were observed an overall prevalence of 30,51% (166/544 for the disease, in which 4,78% (26/544 and 25,74% (140/544 were detected clinical and subclinical mastitis, respectively. The laboratorial analysis of the samples (arrangement and catalase didn’t shown any evidence of Streptococcus’ microorganisms, thus being an evidence of the involving of Staphylococcus and rod bacteria. Consequently, it is concluded that the gender Streptococcus isn’t significant into the prevalence in both of mastitis – clinical and subclinical’s one – in the micro-region of Araguaina, Tocantins.

  12. Isolamento e sensibilidade a quimioterápicos de streptococcus spp envolvidos na mastite clínica e subclínica de bovinos da microrregião de Araguaína, Tocantins

    Alexandrino, Bruna; Rodrigues Correia, Crispim Anderson; Coelho Miranda Brito, Letícia; Minharro, Silvia

    2015-01-01

    A mastite bovina é a principal doença do gado leiteiro devido a sua prevalência acarretando grande impacto econômico mundial. Sua etiologia é complexa, sendo o principal agente o Staphylococcus aureus, seguido pelo Streptococcus spp. O presente trabalho tem por objetivo isolar os microrganismos pertencentes ao gênero Streptococcus, presentes no leite de vaca da microrregião de Araguaína, Tocantins, e testar a sensibilidade destes aos diversos quimioterápicos disponíveis no mercado. Foram util...

  13. Isolamento, fracionamento e caracterização de paredes celulares de raízes de mandioca (Manihot esculenta, Crantz Isolation, fractionation and characterization of cassava (Manihot esculenta, Crantz root cell walls

    Lara Tschopoko Pedroso Pereira

    2004-03-01

    Full Text Available Durante a cocção de mandiocas o amido é gelatinizado e as paredes celulares sofrem alterações físicas e químicas que modificam a coesão das células e causam o amaciamento dos tecidos. Isolar, fracionar e caracterizar paredes celulares durante o envelhecimento de raízes, de duas cultivares, foram os objetivos deste trabalho. O amido foi eliminado por tamização e hidrólise enzimática e o material de paredes celulares foi fracionado em celulose, hemicelulose e pectina. Quantitativamente celulose foi a maior fração constituindo entre 57,2 e 70% do material inicial de paredes celulares isoladas, seguido por pectina e hemicelulose. O material isolado como paredes celulares diminuiu com o tempo de plantio das raízes e a concentração de celulose foi menor no material isolado de raízes mais velhas. A fração pectina diferiu em concentração de açúcares entre raízes de idades diferentes, sendo mais alta em raízes mais velhas enquanto a concentração de ácidos urônicos diferiu entre idades e cultivares.During cooking of cassava tubers starch gelatinizes and there are physical-chemical alterations in cell wall material, reducing intercellular cohesion and softening the tissue, playing an important role in cooking time. Cell wall material from tubers at two harvesting ages of two cultivars were isolated, fractionated and evaluated. Starch was eliminated by wet sieving and enzymatic hydrolysis and the cell wall material was fractionated into cellulose, hemicellulose and pectin. Quantitatively cellulose had the highest concentration varying from 57.2 to 70% of the initial isolated cell wall material, followed by pectin and hemicellulose. Cell wall material isolated decreased with the age of the roots and cellulose concentration decreased in the older roots. Pectin fraction differed in sugar concentration between roots of different ages, higher in older roots while for uronic acid content there were differences for age of roots and cultivars.

  14. Invasive plant architecture alters trophic interactions by changing predator abundance and behavior.

    Pearson, Dean E

    2009-03-01

    As primary producers, plants are known to influence higher trophic interactions by initiating food chains. However, as architects, plants may bypass consumers to directly affect predators with important but underappreciated trophic ramifications. Invasion of western North American grasslands by the perennial forb, spotted knapweed (Centaurea maculosa), has fundamentally altered the architecture of native grassland vegetation. Here, I use long-term monitoring, observational studies, and field experiments to document how changes in vegetation architecture have affected native web spider populations and predation rates. Native spiders that use vegetation as web substrates were collectively 38 times more abundant in C. maculosa-invaded grasslands than in uninvaded grasslands. This increase in spider abundance was accompanied by a large shift in web spider community structure, driven primarily by the strong response of Dictyna spiders to C. maculosa invasion. Dictyna densities were 46-74 times higher in C. maculosa-invaded than native grasslands, a pattern that persisted over 6 years of monitoring. C. maculosa also altered Dictyna web building behavior and foraging success. Dictyna webs on C. maculosa were 2.9-4.0 times larger and generated 2.0-2.3 times higher total prey captures than webs on Achillea millefolium, their primary native substrate. Dictyna webs on C. maculosa also captured 4.2 times more large prey items, which are crucial for reproduction. As a result, Dictyna were nearly twice as likely to reproduce on C. maculosa substrates compared to native substrates. The overall outcome of C. maculosa invasion and its transformative effects on vegetation architecture on Dictyna density and web building behavior were to increase Dictyna predation on invertebrate prey >/=89 fold. These results indicate that invasive plants that change the architecture of native vegetation can substantially impact native food webs via nontraditional plant --> predator --> consumer

  15. Virological study of a dengue type 1 epidemic at Rio de Janeiro

    Rita Maria R. Nogueira

    1988-06-01

    Full Text Available A dengue outbreak started in March, 1986 in Rio de Janeiro and spread very rapidly to other parts of the country. The great majority of cases presented classical dengue fever but there was one fatal case, confirmed by virus isolation. Dengue type 1 strains were isolated from patients and vectors (Aedes aegypti in the area by cultivation in A. albopictus C6/36 cell line. The cytopathic effect (CPE was studied by electron microscopy. An IgM capture test (MAC-ELISA was applied with clear and reproducible results for diagnosis and evaluation of virus circulation; IgM antibodies appeared soon after start of clinical disease, and persisted for about 90 days in most patients. The test was type-specific in about 50% of the patients but high levels of heterologous response for type 3 were observed. An overall isolation rate of 46,8% (813 virus strains out of 1734 specimens was recorded. The IgM test increased the number of confirmed cases to 58,2% (1479 out of 2451 suspected cases. The importance of laboratory diagnosis in all regions where the vectors are present is emphasized.Uma epidemia de dengue iniciou-se em março de 1986, no Rio de Janeiro, alcançando rapidamente outras partes do país. Febre dengue clássica foi observada, porém o vírus do dengue foi isolado de um caso fatal. As amostras de dengue 1 isoladas de pacientes e de fêmeas adultas de Aedes aegypti capturadas na área apresentaram efeito citopático na linhagem de células A. albopictus clone C6/36. A lesão celular foi estudada também em microscopia eletrônica, sendo descritos os dados observados. Um teste de captura para IgM (MAC-ELISA foi utilizado durante a epidemia tanto para o diagnóstico como para avaliarr a circulação de vírus, com resultados claros e reprodutíveis; os anticorpos IgM apareceram precocemente após o início da doença clínica, permanecendo por cerca de 90 dias na maioria dos pacientes. A reação mostrou-se tipo específico em cerca de 50% dos

  16. Occurrence and habitat preferences of diploid and tetraploid cytotypes of Centaurea stoebe in the Czech Republic

    Otisková, V.; Koutecký, T.; Kolář, Filip; Koutecký, P.

    2014-01-01

    Roč. 86, č. 1 (2014), s. 67-80 ISSN 0032-7786 Institutional support: RVO:67985939 Keywords : flow cytometry * Centaurea stoebe * Centaurea maculosa * cytogeography * distribution Subject RIV: EF - Botanics Impact factor: 4.104, year: 2014

  17. Comparison of the chemical composition of three species of smartweed (genus Persicaria) with a focus on drimane sesquiterpenoids

    Prota, N.; Mumm, R.; Bouwmeester, H.J.; Jongsma, M.A.

    2014-01-01

    The genus Persicaria is known to include species accumulating drimane sesquiterpenoids, but a comparative analysis highlighting the compositional differences has not been done. In this study, the secondary metabolites of both flowers and leaves of Persicaria hydropiper, Persicaria maculosa and

  18. Two newly recorded species of the spider families Theridiidae and Clubionidae (Arachnida: Araneae from Korea

    Sue-Yeon Lee

    2015-12-01

    Full Text Available Yaginumena maculosa (Yoshida and Ono 2000 of Theridiidae and Clubiona corrugata (Bösenberg and Strand 1906 of Clubionidae are reported for the first time from Korea with taxonomic illustrations.

  19. Las Estrategias Metodológicas Y Su Incidencia En La Calidad Del Aprendizaje Estudiantil En El Área De Ciencias Sociales De La Escuela De Educación Básica “León De Febres Cordero”, Parroquia San Juan, Cantón Puebloviejo, Provincia Los Ríos.

    Vera Aguirre, Digna María

    2015-01-01

    The quality of education is all a number of processes that allow the student to optimally absorb knowledge and apply them in daily life. The methodological strategies are part of the process of teaching and learning, and if not properly applied in the classroom, antlers strategies would be failing in its functionality and yet not allow the development of critical thinking in students and there would be quality in learning. This research topic is themed "The methodological strategies a...

  20. Serosurvey for tick-borne diseases in dogs from the Eastern Amazon, Brazil Pesquisa Sorológica por doenças transmitidas por carrapatos em cães da Amazônia oriental, Brasil

    Mariana Granziera Spolidorio

    maior (40,3% do que os cães urbanos (21,1%. Esse primeiro estudo sobre agentes transmitidos por carrapatos entre cães da Amazônia oriental brasileira indica que estes animais estão expostos a vários agentes. Estes incluem Babesia principalmente na área urbana, Riquétsias do grupo da Febre Maculosa principalmente nas áreas rurais, e Erliquia em cães de ambas as áreas, rural e urbana.

  1. Serological survey of Rickettsia sp. in horses and dogs in an non-endemic area in Brazil Identificação sorológica de Rickettsia sp. em equinos e cães de área não endêmica no Brasil

    Fernanda Gonçalves Batista

    2010-12-01

    Full Text Available Brazilian Spotted Fever (BSF is a lethal rickettsiosis in humans caused by the bacteria Rickettsia rickettsii, and is endemic in some areas of Brazil. Horses and dogs are part of the disease's life cycle and they may also serve as sentinel animals in epidemiological studies. The first human BSF case in the State of Paraná was reported in 2005. The present study was conducted in the municipality of Almirante Tamandaré, where no previous case of BSF was reported. Serum samples were collected from 71 horses and 20 dogs from nine properties in the area. Ticks were also collected from these animals. All farmers completed a questionnaire about their knowledge of BSF and animal health management. Serum samples were analyzed by indirect immunofluorescent-antibody assay (IFA using R. rickettsii and R. parkeri as antigens. Ticks were analyzed by PCR for Rickettsia sp., and all of them were PCR-negative. Six horses (8.45% and 4 dogs (20% were identified as seropositive. Farmers were not aware of the correlation between the presence of ticks and risk of BSF. Although a non-endemic area, Almirante Tamandaré is a vulnerable environment for BSF and effective tick control measures are required.A Febre Maculosa Brasileira (FMB é uma riquetsiose letal para humanos, causada pela bactéria Rickettsia rickettsii, e é endêmica em algumas regiões brasileiras. Equinos e cães podem participar do ciclo da doença e podem também servir como sentinelas em estudos epidemiológicos. O primeiro caso humano relatado no Estado do Paraná ocorreu em 2005. O presente estudo foi realizado no município de Almirante Tamandaré, região onde não há relatos de casos de FMB. Foram coletadas amostras de sangue de 71 cavalos e 20 cães em nove propriedades rurais na região. Carrapatos também foram colhidos dos animais. Todos os proprietários responderam a um questionário sobre o manejo sanitário dos animais e o conhecimento a respeito da FMB. As amostras de soro foram

  2. Seroprevalence of Rickettsia bellii and Rickettsia felis in dogs, São José dos Pinhais, State of Paraná, Brazil Soroprevalência de Rickettsia bellii e Rickettsia felis em cães, São José dos Pinhais, Paraná, Brasil

    Fernanda Silva Fortes

    2010-12-01

    Full Text Available Brazilian spotted fever (BSF is a vector-borne zoonosis caused by Rickettsia rickettsii bacteria. Dogs can be host sentinels for this bacterium. The aim of the study was to determine the presence of antibodies against Rickettsia spp. in dogs from the city of São José dos Pinhais, State of Paraná, Southern Brazil, where a human case of BSF was first reported in the state. Between February 2006 and July 2007, serum samples from 364 dogs were collected and tested at 1:64 dilutions by indirect immunofluorescence assay (IFA against R. rickettsii and R. parkeri. All sera that reacted at least to one of Rickettsia species were tested against the six main Rickettsia species identified in Brazil: R. rickettsii, R. parkeri, R. bellii, R. rhipicephali, R. amblyommii and R. felis. Sixteen samples (4.4% reacted to at least one Rickettsia species. Among positive animals, two dogs (15.5% showed suggestive titers for R. bellii exposure. One sample had a homologous reaction to R. felis, a confirmed human pathogen. Although Rickettsia spp. circulation in dogs in the area studied may be considered at low prevalence, suggesting low risk of human infection, the present data demonstrate for the first time the exposure of dogs to R. bellii and R. felis in Southern Brazil.A febre maculosa brasileira (FMB é uma zoonose veiculada por carrapatos e causada pela bactéria Rickettsia rickettsii, podendo os cães ser hospedeiros sentinelas para essa bactéria. O objetivo do estudo foi determinar a presença de anticorpos contra Rickettsia spp. em cães de São José dos Pinhais, estado do Paraná, Sul do Brasil. Entre fevereiro de 2006 e julho de 2007, amostras séricas de 364 cães foram coletadas e testadas na diluição de 1:64 por Reação de Imunofluorescência Indireta (RIFI contra R. rickettsii e R. parkeri. Todos os soros reagentes para pelo menos uma espécie de Rickettsia foram testados contra as seis principais espécies de Rickettsia identificadas no Brasil: R

  3. Rickettsiae of the Spotted Fever group in dogs, horses and ticks: an epidemiological study in an endemic region of the State of Rio de Janeiro, Brazil

    Nathalie Costa da Cunha

    2014-09-01

    Full Text Available ABSTRACT. Cunha N.C., Lemos E.R.S., Rozental T., Teixeira R.C., Cordeiro M.D., Lisbôa R.S., Favacho A.R., Barreira J.D., Rezende J. & Fonseca A.H. Rickettsiae of the Spotted Fever group in dogs, horses and ticks: an epidemiological study in an endemic region of the State of Rio de Janeiro, Brazil. [Rickettsias do grupo da febre maculosa em cães, equinos e carrapatos: um estudo epidemiológico em região endêmica do estado do Rio de Janeiro, Brasil.] Revista Brasileira de Medicina Veterinária, 36(3:294-300, 2014. Departamento de Epidemiologia e Saúde Pública, Instituto de Veterinária, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, BR 465, Km 7, Seropédica, RJ 23890-000, Brasil. E-mail: adivaldo@ufrrj.br Spotted fever is a disease of which Rickettsia rickettsii is the most pathogenic agent. Its transmission is by tick bites and the infected ticks can act as vectors, reservoirs or amplifiers. The purpose of this paper is to assess the potential of dogs and horses as sentinels for brazilian spotted fever (BSF emergence and become acquainted with the tick species in a municipal region of Resende, Rio de Janeiro State, Brazil, where five BSF cases in man were registered. Dog and horse blood samples were collected from rural and periurban properties to assess IgG anti-Rickettsia rickettsii, using the indirect immunofluorescence assay (IFA. First, an analysis was conducted to detect association between IFA results and answers obtained from a questionnaire. Afterwards, a multivariate investigation was undertaken that presented significant statistical differences. Ticks were collected directly from dogs and horses for taxonomic identification. Out of the 107 canine serum samples, 30 (28.0% were reactive, with titers varying from 1:64 to 1:4096, and 77 (72.0% were not reactive. Of 96 animals in the serum analysis of horses, 9 (9.4% were reactive, all with titers of 1:64, and 87 (90.6% were non-reactive. The tick species collected from dogs were

  4. Toxoplasmose humana: meningoencefalomielite toxoplasmica: ocorrência em adulto e recemnascido

    F. Nery Guimarães

    1943-06-01

    sintomas apresentados pelos pacientes, foram: febre, convulsões, distúrbios respiratórios, hidrocefalia, cianose, vômitos, labidade de temperatura, etc., sendo sinal diagnóstico de máxima importância, o encontro de focos de calcificação cerebral profunda e corioretinite em recem nascido (Dyke, Wolf, Cowen, Paige & Caffey . Em dois casos de toxoplasmose verificados em pacientes de seis e oito anos respectivamente, foi encontrada uma encefalite clinicamente atípica, sendo que um deles sarou (Sabin. Os três casos restantes foram descritos em adultos; num deles as lesões não eram típicas (havia concomitância de infecção por Bartonella bacilliformis e nos outros dois, a doença assumiu uma "forma exantemática", simulando as febres maculosas (Pinkerton & Henderson, sendo o achado mais importante microscopicamente, uma pneumonia intersticial. Alem da semelhança clínica, tambem os focos de encefalite encontrados nessa "forma exantemática" da toxoplasmose, são semelhantes aos descritos nas...Since Castellani's initial work in 1914, investigators of various countries have pointed out the occurrence of human toxoplasmosis, a fact which, still not long ago, was a matter of controversy. As resulting from the works of Torres, Levanditi & coworkers, Wolf, Cowen & Paige, Pinkerton & Henderson and Sabin, the problem of parasitism in man by Toxoplasma has to be faced taking into consideration that there have been described doubtful and undoubtful cases. Doubtful are the cases reported by Castellani (Ceylon, 1914; Fedorovitch (The Black Sea, 1916; Chalmers & Kamar (Sudan, 1920; and Bland (London, 1930-31. Undoubtful are those reported by Janku (Praga, 1923; Torres (Rio de Janeiro, 1927; Wolf & Cowen (New York, 1937; Richter (Chicago, 1936: diagnosed by Wolf & Cowen in 1938; Wolf, Cowen & Paige (New York, 1939; Hertig (Massachusetts, 1935: diagnosed by Pinkerton & Weinman in 1940; Pinkerton & Weinman (Lima, Peru, 1940; Sabin (2 cases, Cincinnati, 1941; Pinkerton

  5. Taxonomic status of Paraguay's only endemic bird, the Chaco Nothura Nothura chacoensis (Aves: Tinamidae).

    Hayes, Floyd E; RodrÍguez, Oscar; Thalman, Erika R; Castellanos, Emily A; Sterling, John

    2018-03-08

    The Chaco Nothura Nothura chacoensis Conover is endemic to the Chaco of western Paraguay. Originally described as a subspecies of the Spotted Nothura N. maculosa (Temminck), it has been regarded by many authorities as a distinct species based on alleged sympatry with N. maculosa. However, an earlier study revealed no differences in cytochrome b sequences between the two taxa. We reanalyzed the geographic distribution and morphological variation of N. chacoensis and N. maculosa in western Paraguay based on museum specimens. There is no locality where specimens of both taxa were collected, thus there is no evidence for sympatry. Morphologically the two taxa did not differ in any size or shape variable. Plumage characters overlapped in a few specimens. We recorded vocalizations from at least four individuals of N. chacoensis within its known range. Its typical territorial song was a very rapid, relatively monotone trill that was virtually identical with the most frequent territorial song of N. maculosa in length, number of notes, rate of notes, and emphasized frequency, and differed substantially from the songs of other species of Nothura. Based on distributional, morphological, biochemical, and especially vocalization data, we conclude that N. chacoensis should be regarded as a subspecies of N. maculosa.

  6. Recomanacions per al control de la brucel·losi a Catalunya

    Ariza Cardenal, Javier; Esteban, E.; Foz, A. (Amadeu), 1913-1993; Díaz, R.; Mora, R.; Ollé, J.; Rodríguez-Torres, A.; Segura i Benedicto, Andreu

    1987-01-01

    La brucel·losi humana es coneix al nostre país també amb els noms de febre de Malta i, en ocasions, de febre ondulant i de melitocòccia. Tanmateix, l'expressió brucel·losi ofereix nombrosos avantatges i hi ha una marcada tendència a incrementar-ne l'ús, per la qual cosa utilitzarem exclusivament aquesta denominació.

  7. Isolation and survival of Yersinia enterocolitica in ice cream at different pH values, stored at -18°c Isolamento e sobrevivência de Yersinia enterocolitica em sorvetes de distintos pH, armazenados a -18°C

    Norma B. Barbini de Pederiva

    2000-09-01

    Full Text Available The presence of Yersinia enterocolitica was investigated in 203 samples of industrial (123 and non-industrial ice cream (80. Two Y. enterocolitica strains were isolated from non-industrial ice cream, which suggests the possibility of post-manufacturing contamination. One strain was typed as B:1A, O: 3,50,51; lis Xz, while the other one was biotyped as: B:1A but not serologically typed. Survival of Y. enterocolitica was investigated by inoculating nine samples of industrially manufactured ice cream to contain 20 CFU/ml of Y. enterocolitica and stored at -18°C for 480 days. The inoculated samples were classified into three different groups according to their pH (Group 1: pH 4-5; Group 2: pH 5-6 and Group 3: pH 6-7. Viability was determined by a combination of direct plating and enrichment. In Group 1, Y. enterocolitica was not detected after 150 days of storage, while in Groups 2 and 3, this microorganism was isolated until day 480 of storage. These findings suggest that the survival time of Y. enterocolitica in ice cream stored at -18°C is significantly (p Neste estudo pesquisou-se a presença de Yersinia enterocolitica em 203 amostras de sorvetes, sendo 123 de fabricação industrial e 80 de fabricação artesanal. Isolaram-se 2 cepas a partir de sorvetes artesanais, uma das quais foi caracterizada como B:1A, O:3,50, 51; lis Xz e a outra se tipificou como Y. enterocolitica B:1A mas não se tipificou sorologicamente, o que sugere uma contaminação pós processo. Em 9 dos sorvetes de fabricação industrial de distintos pH, estudou-se a sobrevivência desse microrganismo, inoculando-os com 20 UFC/ml de Y. enterocolitica, quando armazenados durante 480 dias a -18°C. Esses sorvetes, segundo seu pH, agruparam-se em: Grupo 1: pH: 4-5, Grupo 2: pH 5-6 e Grupo 3: pH: 6-7. Determinou-se a viabilidade pelas curvas de morte usando semeadura direta e enriquecimento. Nos sorvetes do grupo 1, Y. enterocolitica só foi detectada até o 150° dia de armazenagem, enquanto que nas amostras dos grupos 2 e 3, pelo menos até o 480° dia da experiência. Nossos resultados mostram que a sobrevivência de Y. enterocolitica em sorvetes armazenados a - 18°C foi significativamente menor (p <= 0.05 em amostras com pH < 5.

  8. Isolamento da globulina majoritária, digestibilidade in vivo e in vitro das proteínas do tremoço-doce (Lupinus albus L., var. Multolupa Isolation of major globulin, in vivo and in vitro digestibility of proteins from sweet lupin (Lupinus albus L. var. Multolupa

    Valdir Augusto Neves

    2006-12-01

    Full Text Available Os objetivos do trabalho foram isolar, purificar e estudar algumas propriedades da fração globulina majoritária de tremoço-doce, var. Multolupa; assim como avaliar as características de digestibilidade da farinha e frações isoladas. As frações protéicas foram separadas por fracionamento diferencial com uso de diferentes solventes. A globulina majoritária de tremoço-doce foi isolada, purificada por cromatografia em Q-Sepharose, revelando um único pico de proteína. Apresentou um peso molecular de 162,5 ± 10,0 kDa, determinado por cromatografia em Sephacryl S-300, e subunidades entre 20-70 kDa em PAGE-SDS. A solubilidade em função do pH e concentrações de NaCl revelaram curva típica dessa fração. A digestibilidade da proteína da farinha e das frações albumina, globulina e glutelina foi avaliada por experimentos in vitro e in vivo e se revelou alta para a fração globulina, seguida pela glutelina, albumina e farinha. A digestibilidade in vivo da fração globulina, tanto aparente quanto verdadeira, não diferiu significativamente daquela determinada para a caseína. Apesar da alta digestibilidade da fração majoritária e frações protéicas, a utilização como única fonte de proteína nas dietas revelou valores baixos de RPLR (razão protéica líquida relativa, indicando ser insuficiente para sustentar o crescimento dos animais, comparativamente à caseína.The aim of the present work was to isolate, purify and study some properties of the major globulin fraction from sweet lupin, var. Multolupa; as well as to evaluate the digestibility features of flour and isolated fractions. The protein fractions were separated by differential fractionation with different solvents. The lupin major globulin was isolated, purified by Q-Sepharose chromatography when it showed only one protein peak. The major protein presented a molecular weight of 162.5 ± 10.0 kDa, determined on Sephacryl S-300 chromatography; and subunits between 20 to 70 kDa on SDS-PAGE. The protein solubility in relation to pH and NaCl concentrations showed a typical S-like curve for globulins. The flour and the isolated protein fractions, albumins, globulins and glutelins were evaluated by in vitro and in vivo experiments. The in vitro and in vivo digestibility assays revealed a high digestibility for the globulin, followed by glutelin, albumin and the flour. The globulin in vivo digestibility did not differ significantly from that obtained to casein. Despite the high digestibility encountered for the major protein fraction and protein fractions, the use as the only protein source in the diets revealed low values for RNPR (relative net protein ratio, showing it to be insufficient in terms of sustaining the growth of animals, comparatively to casein.

  9. Detection of enterotoxin A and cytotoxin B, and isolation of Clostridium difficile in piglets in Minas Gerais, Brazil Detecção da enterotoxina A e citotoxina B e isolamento de Clostridium difficile em leitões em Minas Gerais, Brasil

    Rodrigo Otávio Silveira Silva

    2011-08-01

    Full Text Available Clostridium difficile has emerged as a major cause of neonatal colitis in piglets, displacing classic bacterial pathogens. However, there is no information regarding the distribution of this microorganism in pig farms in Brazil. In the present study, the presence of toxins A/B and of C. difficile strains in stool samples from 60 diarrheic or non-diarrheic newborn piglets (one to seven days old, from 15 different farms, was studied. The presence of toxins A/B was detected by ELISA and PCR was used to identify toxin A, toxin B and binary toxin gene in each isolated strain. C. difficile A/B toxins were detected in ten samples (16.7%. Of these, seven were from diarrheic and three were from non-diarrheic piglets. C. difficile was recovered from 12 out of 60 (20% fecal samples. Of those, three strains were non-toxigenic (A-B- and nine were toxigenic. Of the nine toxigenic strains, four were A+B+ strains and five were A-B+ strains. The presence of binary toxin observed in the present study was much higher (50% than in previously reported studies. All three non-toxigenic strains were isolated from otherwise healthy piglets. The results suggest the occurrence of neonatal diarrhea by C. difficile in farms in Brazil.Clostridium difficile tem sido relatado como o principal causador de colite neonatal em suínos. Apesar da crescente importância deste agente, não há dados sobre infecções causadas por C. difficile em suínos no Brasil. O objetivo do presente estudo foi detectar as toxinas A/B e isolar C. difficile a partir de 60 amostras de fezes de leitões diarreicos ou apararentemente saudáveis, com no máximo sete dias de vida, e oriundos de 15 granjas diferentes. As toxinas A/B foram detectadas por ELISA e uma PCR multiplex foi utilizada para detecção dos genes responsáveis pela codificação das toxinas A, B e toxina binária. As toxinas A/B de C. difficile foram detectadas em dez amostras de fezes (16.7%. Dessas, sete eram de animais diarreicos e três de leitões aparentemente saudáveis. Foi possível isolar C. difficile em 12 das 60 (20% amostras trabalhadas. Dessas, três estirpes eram não-toxigênicas (A-B- e nove eram toxigênicas, sendo quatro caracterizadas como A+B+ e cinco como A-B+. O gene responsável pela codificação da toxina binária foi encontrado em 50% das estirpes isoladas, proporção superior ao relatado em estudos anteriores. Todas as estirpes não toxigênicas foram isoladas de animais não diarreicos. Os resultados encontrados sugerem a ocorrência de diarreia por C. difficile em granjas no Brasil.

  10. Do Reino de Axum ao Reino da Etiópia (Século I D.C. ao século XVII: A Força e o Isolamento do Cristianismo na África do Norte e Nordeste

    Alberto Manuel Vara Branco

    2016-02-01

    Full Text Available O reino da Etiópia é produto da presença do Cristianismo no Norte e Nordeste de África. Perante o avanço do Islamismo, no século VII depois de Cristo, o Reino da Etiópia isolou-se do mundo exterior, nomeadamente dos Centros Religiosos de Constantinopla e Roma.

  11. Isolamento e caracterização parcial de sequências homólogas a genes ribossomais (rDNA em Blastocladiella emersonii - DOI: 10.4025/actascibiolsci.v25i2.2037 Isolation and partial characterization of homologous sequences of ribosomal genes (rDNA in Blastocladiella emersonii

    Luiz Carlos Correa

    2003-04-01

    Full Text Available A definição e a caracterização de regiões de origens de replicação nos eucariotos superiores são ainda controversas. A iniciação da replicação é sítio-específica em alguns sistemas e, em outros, parece estar contida em regiões extensas. Regiões rDNA são modelos atrativos para o estudo de origens de replicação pela sua organização in tandem, reduzindo a área de estudo para o espaço restrito que codifica uma unidade de transcrição. Neste trabalho nós isolamos e caracterizamos parcialmente um clone que contém uma sequência ribossomal do fungo aquático Blastocladiella emersonii, Be97M20. Southern blots mostraram diversos sítios para enzimas de restrição Eco RI, HindIII e SalI. Northern blot de RNA total hibridado contra uma sonda feita com Be97M20 confirmou a sua homologia com o gene ribossomal 18S. A caracterização detalhada, incluindo o mapeamento de restrição completo, subclonagem, sequenciamento e análise em géis bidimensionais proverão informações adicionais importantes sobre a estrutura e dinâmica desta regiãoThe definition and the characterization of replication origins regions in higher eukaryotes are still controversial. The initiation of the replication is site-specific in some systems but seems to occur in large regions in others. Because of its in tandem organization, reducing the area to the restricted space that codifies an unit of transcription, rDNA regions are attractive models to study replication origins. In this work we isolated and started to characterize a clone that contains a ribosomal sequence from the aquatic fungus B. emersonii, Be97M20. Southern blots showed several sites for the restrition enzymes Eco RI, HindIII and SalI. A northern blot of total RNA, hybridized against a probe made from Be97M20, confirmed its homology with the ribosomal 18S gene. The detailed characterization, including complete restriction map, subcloning, sequence and analysis on bidimensional gels will provide important information about the structure and dynamics of this region

  12. Isolation of verbascoside and validation of method to standardize the crude extract of the aerial parts of Buddleja stachyoides Cham. and Schltdl. (Scrophulariaceae); Isolamento do verbacosideo e validacao de metodo analitico para padronizacao do extrato bruto das partes aereas de Buddleja stachyoides Cham. and Schltdl. (Scrophulariaceae)

    Oliveira, Daniella M.S. de; Miguel, Marilis D.; Kalegari, Milena; Miguel, Obdulio G.; Moreira, Thais F., E-mail: dani_mso@yahoo.com.br [Universidade Federal do Parana (UFPR), Curitiba, PR (Brazil). Departamento de Farmacia

    2014-04-15

    Phenylpropanoid glycoside verbascoside was isolated and identified from the ethyl acetate fraction of the aerial parts of Buddleja stachyoides Cham. and Schltdl. by {sup 1}H-NMR. A method using high-performance liquid chromatography has been developed and validated for determination of verbascoside in alcoholic crude extract of the aerial parts of B. stachyoides. Analysis was performed on a Phenomenex® Gemini-NX C18 analytical column (250 mm × 4.6 mm; 5 μm) using a mobile phase (pump A - aqueous solution containing H{sub 2}SO{sub 4} (0.01 M), H{sub 3}PO{sub 4} (0.4%), and (C{sub 2}H{sub 5}){sub 2}NH (0.4%); pump B - methanol:aqueous (95:5) solution containing H{sub 2}SO{sub 4} (0.05 M), H{sub 3}PO{sub 4} (2%), and (C{sub 2}H{sub 5}){sub 2}NH (0.2%); pump C - acetonitrile:aqueous (90:10) solution containing H{sub 2}SO{sub 4} (0.05 M) and H{sub 3}PO{sub 4} (2%)) and a diode array detector at 325 nm. The method was validated in accordance with ANVISA guidelines and may be applied to quality control of herbal medicine with aerial parts of B. stachyoides. (author)

  13. Isolation of Pseudomonas aeruginosa strains from dental office environments and units in Barretos, state of São Paulo, Brazil, and analysis of their susceptibility to antimicrobial drugs Isolamento de cepas de Pseudomonas aeruginosa provenientes do meio ambiente e de equipos dentarios em clinicas dentarias em Barretos, São Paulo, Brasil; analises da susceptibilidade das cepas a drogas antimicrobianas

    Ana Claudia de Oliveira

    2008-09-01

    Full Text Available A wide variety of opportunistic pathogens has been detected in the tubing supplying water to odontological equipment, in special in the biofilm lining of these tubes. Among these pathogens, Pseudomonas aeruginosa, one of the leading causes of nosocomial infections, is frequently found in water lines supplying dental units. In the present work, 160 samples of water, and 200 fomite samples from forty dental units were collected in the city of Barretos, State of São Paulo, Brazil and evaluated between January and July, 2005. Seventy-six P. aeruginosa strains, isolated from the dental environment (5 strains and water system (71 strains, were tested for susceptibility to six antimicrobial drugs most frequently used against P. aeruginosa infections. Susceptibility to ciprofloxacin, followed by meropenem was the predominant profile. The need for effective means of reducing the microbial burden within dental unit water lines is emphasized, and the risk of exposure and cross-infection in dental practice, in special when caused by opportunistic pathogens like P. aeruginosa, are highlighted.Uma ampla variedade de patógenos oportunistas tem sido detectadas nos tubos de alimentação de água dos equipos odontológicos, particularmente no biofilme formado na superfície do tubo. Entre os patógenos oportunistas encontrados nos tubos de água, Pseudomonas aeruginosa é reconhecida como uma das principais causadoras de infecções nosocomiais. Foram coletadas 160 amostras de água e 200 amostras de fomites em quarenta clinicas odontológicas na cidade de Barretos, São Paulo, Brasil, durante o período de Janeiro a Julho de 2005. Setenta e seis cepas de P. aeruginosa, isoladas a partir dos fomites (5 cepas e das amostras de água (71 cepas, foram analisadas quanto à susceptibilidade à seis drogas antimicrobianas freqüentemente utilizadas para o tratamento de infecções provocadas por P. aeruginosa. As principais suscetibilidades observadas foram para a ciprofloxacina, seguida pelo meropenem. A necessidade de um mecanismo efetivo para reduzir a contaminação bacteriana dentro dos tubos de alimentação de água dos equipos odontológicos foi enfatizada, e o risco da exposição ocupacional e infecção cruzada na prática odontológica, em especial quando causada por patógenos oportunistas como a P. aeruginosa foi realçado.

  14. Isolamento do verbacosídeo e validação de método analítico para padronização do extrato bruto das partes aéreas de Buddleja stachyoides Cham. & Schltdl. (Scrophulariaceae

    Daniella M. S. de Oliveira

    2014-04-01

    Full Text Available Phenylpropanoid glycoside verbascoside was isolated and identified from the ethyl acetate fraction of the aerial parts of Buddleja stachyoides Cham. & Schltdl. by 1H-NMR. A method using high-performance liquid chromatography has been developed and validated for determination of verbascoside in alcoholic crude extract of the aerial parts of B. stachyoides. Analysis was performed on a Phenomenex® Gemini-NX C18 analytical column (250 mm × 4.6 mm; 5 µm using a mobile phase (pump A - aqueous solution containing H2SO4 (0.01 M, H3PO4 (0.4%, and (C2H52NH (0.4%; pump B - methanol:aqueous (95:5 solution containing H2SO4 (0.05 M, H3PO4 (2%, and (C2H52NH (0.2%; pump C - acetonitrile:aqueous (90:10 solution containing H2SO4 (0.05 M and H3PO4 (2% and a diode array detector at 325 nm. The method was validated in accordance with ANVISA guidelines and may be applied to quality control of herbal medicine with aerial parts of B. stachyoides.

  15. AISLAMIENTO Y CONTROL MICROBIOLÓGICO DE Leuconostoc mesenteroides, EN UN INGENIO PARA OPTIMIZAR EL RENDIMIENTO DE AZÚCAR Y ETANOL ISOLAMENTO E Leuconostoc Mesenteroides CONTROLE MICROBIOLÓGICO EM UM TALENTO PARA OTIMIZAR O DESEMPENHO DE AÇÚCAR E ETANOL ISOLATION AND MICROBIOLOGICAL CONTROL OF Leuconostoc mesenteroides, IN TO SUGAR REFINERY TO OPTIMIZE THE PERFORMANCE OF SUGAR AND ETHANOL

    RAÚL A CUERVO MULET; JOHANNY ÁNGEL LEDESMA; JORGE ANTONIO DURÁN VANEGAS; FRANCISCO E ARGOTE VEGA

    2010-01-01

    La caña de azúcar (Saccharum officinarum L) es exprimida para obtener su jugo que después de ser purificado y neutralizado, deja cristalizar el azúcar. Considerando la importancia que representa la caña de azúcar para la industria azucarera, se hace necesario incrementar el contenido de sacarosa libre de dextrana (destrucción de sacarosa causada por la acción de microorganismos acompañantes de la caña, siendo uno de los más importantes Leuconostoc mesenteroides). En este trabajo de investigac...

  16. Contaminação fecal da ostra Crassostrea rhizophorae e da água de cultivo do estuário do Rio Pacoti (Eusébio, Estado do Ceará: Isolamento e identificação de Escherichia coli e sua susceptibilidade a diferentes antimicrobianos

    Regine Helena Silva dos Fernandes Vieira

    2008-06-01

    Full Text Available This study has been designed to assess the microbiological quality of oyster Crassostrea rhizophorae and of the water used in farms located at the Pacoti River estuary, Ceará State, by means of the MPN of total coliforms (Ct and thermtolerant coliforms (CT. The database consisted of 15 samples collected from June to November, 2006. The water was kept within the limits set up by the current legislation. MPN values were in the ranges of <1.8 18,000 Ct per 100 ml and <1.8 2,000 CT per 100 ml, for the water, and <1.8 3,500 Ct per gram and <1.8 2,800 CT per gram for the oyster itself. Twenty-five strains isolated from the cultivation water and identified as Escherichia coli were tested for susceptibility to a few antimicrobians and proved resistant to ampicillin, nitrofurantoin, tetracycline, sulfazotrin, nalidixic acid, ciprofloxacin and imipenem. From the oysters, four strains were identified as E. coli and proved resistant to tetracycline and imipenem. From the afore-mentioned results, it can be concluded that: Pacoti River waters have received a clean bill of health according to the national legislation; the majority of water-isolated E.coli strains (59.43% were sensitive to the currently used antimicrobians, except for imipenem to which 80% of the identified E. coli strains proved resistant; sensitivity of the oyster-isolated E. coli strains was found to be high to most of the tested antimicrobians. In all, it is suggested that more clear management measures be made available so as to allow for microbiological quality evaluation of raw-consumed mollusks.

  17. Detection of Vibrio parahaemolyticus and Vibrio cholerae in oyster, Crassostrea rhizophorae, collected from a natural nursery in the Cocó river estuary, Fortaleza, Ceará, Brazil Isolamento de Vibrio parahaemolyticus e Vibrio cholerae em ostras, Crassostrea rhizophorae, coletadas em um criadouro natural no estuário do rio Cocó, Fortaleza, Ceará, Brasil

    Oscarina Viana de Sousa

    2004-04-01

    Full Text Available Oysters are edible organisms that are often ingested partially cooked or even raw, presenting therefore a very high risk to the consumers' health, especially in tropical regions. The presence of Vibrio cholerae and Vibrio parahaemolyticus in oysters sampled at an estuary in the Brazilian northeastern region was studied, with 300 oysters tested through an 8-months period. The salinity of the water at the sampling point varied between 3% and 27‰. V. cholerae was the most frequently detected species (33.3% of the samples, and of the 22 V. cholerae isolates, 20 were identified as non-O1/non-O139, with two of the colonies presenting a rough surface and most of remaining ones belonging to the Heiberg II fermentation group. V. parahaemolyticus was isolated from just one of the samples. Other bacteria such as Providencia spp., Klebsiella spp. and Morganella morganii were also isolated.As ostras são alimentos marinhos freqüentemente ingeridos crus ou parcialmente cozidos. Por esta razão, o risco para a saúde dos consumidores desses produtos é muito elevado, principalmente, quando são de regiões tropicais. Foi estudada a presença de Vibrio cholerae e Vibrio parahaemolyticus em ostras de um estuário na região Nordeste do Brasil. Trezentas ostras foram analisadas, em um período de 8 meses. A salinidade da água, no local de coleta, variou de 3 a 27‰. V. cholerae foi o vibrio mais freqüentemente detectado (33,3% das amostras. Dos 22 isolados, 20 foram identificados como V. cholerae não-O1/não-O139, duas delas apresentando forma rugosa sendo a maioria das demais pertencente ao tipo fermentativo Heiberg II. V. parahaemolyticus foi isolado em apenas umas das coletas. Foram, também, identificadas nas amostras isolados de Providencia spp., Klebsiella spp., Proteus spp. e Morganella morganii.

  18. AISLAMIENTO E IDENTIFICACIÓN DE BACTERIAS SOLUBILIZADORAS DE FOSFATOS, HABITANTES DE LA RIZÓSFERA DE CHONTADURO (B. gassipaes Kunth ISOLAMENTO E IDENTIFICAÇÃO DE BACTÉRIAS SOLUBILIZADORAS DA FOSFATO, HABITANTES DA RIZÓSFERA DE CHONTADURO (B. gassipaes Kunth ISOLATION AND IDENTIFICATION OF PHOSPHATE-SOLUBILIZING BACTERIA INHABITING THE RIZHOSPHERE OF PEACH PALM (B. gassipaes Kunth

    CARLOS PATIÑO TORRES

    2012-12-01

    Full Text Available El chontaduro o pejiyabe (Bactris gasipaes Kunth esuna especie nativa de las selvas húmedas del pacífico colombiano, adaptada a condiciones de alta acidez y deficiencia de nutrientes, especialmente fósforo (P, características dominantes en los suelos de esta zona tropical. Los microorganismos rizosféricos solubilizadores de P, entre ellos las bacterias (BSP, contribuyen a mejorar la disponibilidad de este nutriente, por ello, la necesidad de aislarlos, reconocerlos e identificarlos en la rizosfera, como uno de los mecanismos de adaptación de esta especie. Una vez aisladas y purificadas en medio libre de fuentes de fósforo orgánico e inorgánico solubles, las poblaciones bacterianas se identificaron mediante la utilizacióndel análisis de las secuencias DNAr 16S y la técnica BOX-PCR, estableciendo que en el sitio de estudio, las poblaciones dominantes fueron Burkholderia ambifaria y Burkholderia sp. 383, seguidas por Pseudomonas putida, especies reconocidas globalmente por su actividad solubilizadora, y como rizobacterias promotoras del crecimiento vegetal (PGPR.Do chontaduro oupejiyabe (Bactris gasipaes Kunth é uma espécie nativa da florestas úmidas do pacífico colombiano, adaptados às condições de alta acidez e deficiência de nutrientes, especialmente fósforo (P, características dominantes no solo de esta zona tropical. Microrganismos do solo comcapacidade de solubilizar fosfatos naturais, incluindo as bactérias, contribuir para melhorar a disponibilidade de nutrientes presente, por conseguinte, não existe necessidade de isolar as, reconhecer e identificar-los na rizosfera, como um dos mecanismos de adaptação do presente espécies. Uma vez que tenham sido isoladas e purificadas emmeiolivre de fontes de P orgânicos e inorgânicos solúveis, populações bacterianas foram identificadas pela utilização da análise das sequências do extrachromosome DNAr 16S e a técnica BOX-PCR, que estabelece que a área de estudo, a populações dominante foram: Burkholderia ambifaria e B. sp. 383, seguido por Pseudomonas putida, espécies reconhecidas mundialmente para suaatividade solubilizadora, e como rizobactérias promotoras de crescimento de plantas (RPCP.The chontaduro or pejiyabe (Bactris gasipaes Kunth, is a species native of rainforest of Colombian's Pacific Coast, adapted to soils with high acidity and depleted in nutrients, especially phosphorus.The phosphate solubilizing microorganisms, including bacteria (BSP, improve the availability of this nutrient, therefore, the need to isolate, recognize and identify those in the rhizosphere, as one of the mechanisms of adaptation of this species. Once isolated and purified in medium free of sources of soluble phosphorus, bacterial populations were identified using sequence analysis of 16S rDNA and molecular genotyping by BOX-PCR, stating that in the study site, the dominant populations were Burkholderia ambifaria and B. sp. 383, followed by Pseudomonas putida, species recognized globally for its solubilizing activity, and as plant growth promoting rhizobacteria (PGPR.

  19. Estudo dos Constituintes Químicos de Óleos Voláteis de plantas Medicinais do Rio Grande do Sul: Isolamento, Determinação e Modificação Estrutural e Atividade Biológica

    Euclésio Simionatto

    2004-01-01

    Os óleos essenciais de oito espécies de plantas medicinais, nativas e cultivadas, do Rio Grande do Sul, foram obtidos através de hidrodestilações e analisados quanto suas composições químicas e atividades antimicrobianas. As espécies selecionadas para este estudo foram: Baccharis trimera e Baccharis articulata (Asteraceae), Matricaria chamomilla (Asteraceae), Pluchea quitoc (Asteraceae), Aloysia sellowii (Verbenaceae), Aeollanthus suaveolens (Lamiaceae), Cunila microcephala (Lamiaceae) ...

  20. Isolation of rabies virus from the parotid salivary glands of foxes (Pseudalopex vetulus from Paraíba State, Northeastern Brazil Isolamento de vírus rábico de glândulas salivares parótidas de raposas (Pseudalopex vetulus do Estado da Paraíba, Nordeste do Brasil

    Maria Luana Cristiny Rodrigues Silva

    2009-09-01

    Full Text Available To determine the presence of rabies virus in the parotid salivary glands, 12 road-killed rabies-positive hoary foxes (Pseudoalopex vetulus were tested by using the fluorescent antibody test (FAT and mouse inoculation test (MIT. All 12 parotid salivary glands were positive for both tests, although in some cases several passages were required. The findings of this study support the importance of the hoary fox as rabies reservoir in the semi-arid region of Paraíba State, Northeastern Brazil.Para determinar a presença de vírus rábico em glândulas salivares parótidas, 12 raposas (Pseudalopex vetulus atropeladas em rodovias e positivas para raiva foram testadas pelo teste de imunofluorescência direta (IFD e teste de inoculação em camundongos (IC. Todas as 12 glândulas salivares parótidas foram positivas em ambos os testes, embora, em alguns casos, várias passagens terem sido necessárias. Os achados do presente trabalho reforçam a importância das raposas como reservatórios de raiva no semi-árido do Estado da Paraíba, Nordeste do Brasil.

  1. Isolamento de Candida spp. no mamilo de lactantes do Banco de Leite Humano da Universidade Federal do Ceará e teste de susceptibilidade a antifúngicos Candida ssp. isolation in the breastfeeding mothers' nipples from the human milk bank at the Universidade Federal do Ceará and susceptibilities to the antifungal agents tests

    Everardo Albuquerque Menezes

    2004-10-01

    Full Text Available A candidíase, principal infecção fúngica oportunista do ser humano, é provocada por leveduras do gênero Candida que fazem parte da microbiota endógena do corpo humano. O objetivo deste trabalho foi estudar as espécies de Candida envolvidas em processos inflamatórios da mama em mães que estavam amamentando no Banco de Leite Humano da Maternidade-Escola Assis Chateaubriand da Universidade Federal do Ceará (UFC, verificando as atividades enzimáticas e as suscetibilidades aos principais antifúngicos usados na candidíase. As amostras foram colhidas de fissuras no mamilo, cultivadas em ágar Sabouraud a 37°C por 72 horas e identificadas por testes micológicos. Foram realizadas também provas da proteinase, fosfolipase e hialuronidase e testes de susceptibilidade a anfotericina B e fluconazol. Das 29 amostras, 13 (44,8% apresentaram crescimento; 11 (84,6% foram Candida albicans; uma (7,7%, C. stellatoidea;e uma (7,7%, C. guilliermondii. As atividades enzimáticas de C. albicans foram: 100% das cepas produziram fosfolipase; 64%, hialuronidase; e nenhuma produziu proteinase. As leveduras examinadas mostraram-se susceptíveis aos antifúngicos testados com concentração inibitória mínima (CIM de: anfotericina B 0,125 a 0,5mig/ml e fluconazol 2 a 4mig/ml. Todas as cepas de C. albicans isoladas do mamilo de mães que estavam amamentando mostraram a enzima fosfolipase, que pode ser um importante fator de virulência, e apresentaram uma excelente susceptibilidade aos antifúngicos testados.Candidiasis, human being's main opportunist fungal infection, is caused by Candida, a sort of yeasts which are part of endogenous microflora of the human body. The purpose of this research was to study the Candida species involved in the inflammatory processes of the breastfeeding mothers' nipples from the human milk bank on Assis Chateubriand maternity-school at the Universidade Federal do Ceará, Brazil. It was verified the enzymatic activities and the susceptibilities to the main used antifungal agents in candidiasis. The samples were collected from the wounds in the nipples and grown in Sabouraud agar at 37°C for 72 hours. They were identified by mycology tests. Proteinasis, phospholipase and hialuronidase tests were also made. Amphotericin B and fluconazole susceptibility tests, too. From the 29 samples, 13 (44. 8% of the total presented growth; 11 (84.6% of them were Candida albicans; 01 (7.7% of them was C. stellatoidea and 01 (7.7% of them was C. guilliermondii. The C. albicans enzymatic activities were: 100% of strains produced phospholipase; 64% produced hialuronidase and none of the strains produced proteolytic activity. The tested yeasts were susceptive to the antifungal agents tested with minimum inhibitory concentration - 0.125 - 0.5mug/ml for amphotericin B and 2 - 4mug/ml for fluconazol. All the C. albicans strains isolated from the breastfeeding mothers' nipples showed the phospholipase enzyme which can be an important virulence factor. They presented excellent susceptibilities to the antifungal agents tested.

  2. Isolation of recombinant strains with enhanced pectinase production by protoplast fusion between Penicillium expansum and Penicillium griseoroseum Isolamento de linhagens recombinantes com maior produção de pectinases por meio de fusão de protoplastos entre Penicillium expansum e Penicillium griseoroseum

    Maurilio Antonio Varavallo

    2007-03-01

    Full Text Available Protoplast fusion between complementary auxotrophic and morphological mutant strains of Penicillium griseoroseum and P. expansum was induced by polyethylene glycol and calcium ions (Ca2+. Fusant strains were obtained in minimal medium and a prototrophic strain, possibly diploid, was chosen for haplodization with the fungicide benomyl. Different recombinant strains were isolated and characterized for occurrence of auxotrophic mutations and pectinolytic enzyme production. The fusant prototrophic did not present higher pectinase production than the parental strains, but among 29 recombinants analyzed, four presented enhanced enzyme activities. The recombinant RGE27, which possesses the same auxotrophic and morphologic mutations as the P. griseoroseum parental strain, presented a considerable increase in polygalacturonase (3-fold and pectin lyase production (1.2-fold.Fusões de protoplastos entre linhagens mutantes auxotróficas e morfológicas complementares de Penicillium griseoroseum e P. expansum foram induzidas por polietilenoglicol e íons cálcio (Ca2+. Fusionantes foram obtidos em meio mínimo e uma linhagem prototrófica, possivelmente diplóide, foi selecionada para a haploidização com o fungicida benomil. Diferentes linhagens recombinantes foram isoladas e caracterizadas quanto à presença de mutações auxotróficas e a produção de enzimas pectinolíticas. O fusionante prototrófico não apresentou maior atividade de pectinases em relação às linhagens parentais, entretanto, entre 29 recombinantes analisados, quatro apresentaram maiores atividades enzimáticas. O recombinante RGE27, o qual possui as mesmas mutações auxotróficas e morfológicas que a linhagem parental de P. griseoroseum, apresentou um aumento considerável na produção de poligalacturonase (3 vezes e de pectina liase (1,2 vezes.

  3. Processos de eliminação de contaminantes microbianos durante o isolamento e a manutenção de linhagens fúngicas de referência Proceedings to avoid contaminants during isolation and storage of standard fungal strains

    Elisa Yoko Hirooka

    2000-05-01

    Full Text Available Linhagens fúngicas destinadas a pesquisa científica são provenientes de material orgânico, onde ocorre intensa interação entre os mais variados grupos taxonômicos de microrganismos. O desenvolvimento de uma metodologia capaz de remover totalmente esses contaminantes indesejáveis é fundamental para garantir a característica original da linhagem em estudo. Empregando-se isolados de Fusarium spp., obtidos de milho e rações animais, analisou-se a interferência de bactérias resistentes a antibióticos e leveduras na manutenção de linhagens fúngicas. O ensaio demonstrou contaminação freqüente de microrganismos resistentes a tetraciclina, estreptomicina e cloranfenicol na microbiota natural de milho e de rações animais. O melhor controle dos interferentes foi obtido com tetraciclina, segundo avaliação por replica-plate e crescimento em meio líquido. Na análise de 168 linhagens de Fusarium spp. mantidos por seis meses a 4ºC, 36 cepas apresentaram contaminantes. A técnica de esgotamento em BDA mais antibiótico repurificou 21 cepas. As 15 cepas restantes só foram repurificadas pela técnica de diluição/plaqueamento, desenvolvida neste trabalho e recomendada para ser utilizada como último recurso na recuperação de linhagens de referências contaminadasThe fungal strains for scientific purposes are isolated from environments, where interaction of extensive taxonomical groups is a common phenomenon, requiring development of a method that assures elimination of microbial interference and preserves original characteristic of strains. In this study, using Fusarium strains isolated from corn and animal food, the interference of antibiotic resistant bacteria and yeast contamination in the fungal strains storage was evaluated. Although frequent contamination by tetracycline, streptomycine and chloramphenicol resistant microorganisms was detected in both corn and animal food, tetracycline showed the best antibacterial effect. Following 6 months storage at 4ºC, 36 cultures of 168 single spored Fusarium strains developed atypical colonies, indicating some contamination. By plating these cultures in BDA medium added with antibiotic, 21 strains were purified, but the technique was unable to reisolate the remaining ones. The purity of these 15 strains was recuperated using dilution/plate technique proposed here, which used combination of dilution process followed by plating in BDA medium surface. The procedure is recommended as the final step for fungal strains recuperation, which allows elimination of fast growing undesirable organisms

  4. Isolamento e PCR para detecção de Mollicutes em muco vaginal e sua associação com problemas reprodutivos em ovinos criados na região de Piedade, São Paulo, Brasil Mollicutes isolation and PCR on ovine vaginal mucous and its association with reproductive problems in Piedade, SP, Brazil

    Huber Rizzo

    2011-02-01

    Full Text Available Pesquisou-se Mycoplasma spp, Ureaplasma spp e Acholeplasma laidlawiii em amostras de muco vaginal de 60 ovinos, criados na região de Piedade no Estado de São Paulo, Brasil, que apresentavam ou não vulvovaginite no exame específico do sistema genital. A caracterização desses microrganismos baseou-se no cultivo e detecção do respectivo DNA pela Reação da Polimerase em Cadeia (PCR com os primers para classe Mollicutes (GPO e MGSO, para o gênero Ureaplasma (UGPF e UGPS e a espécie Acholeplasma laidlawii (UNI e ACH3. A presença de micoplasmas não foi associada com distúrbios do trato reprodutivo dos animais, entretanto todos os isolados obtidos de Ureaplasma spp foram provenientes de animais com distúrbios reprodutivos, sugerindo o possível envolvimento desse agente nas enfermidades da reprodução. A PCR para a espécie Acholeplasma laidlawii detectou somente uma amostra positiva.It was evaluated the presence of Mycoplasma spp, Ureaplasma spp and Acholeplasma laidlawiii in 60 samples of ovine vaginal mucous with the presence or absence of vulvovaginitis in the specific exam of the reproductive tract. The microorganisms were characterized based on bacteriological culture and DNA detection by Polymerase Chain Reaction (PCR with specific primers to Mollicutes (GPO and MGSO, Ureaplasma (UGPF and UGPS and Acholeplasma laidlawii (UNI and ACH3. The presence of mycoplasmas could not be associated with reproductive disorders in animals. The PCR to Acholeplasma laidlawii detected only one positive sample. However, all isolations of Ureaplasma spp were from animals presenting reproductive disorders, suggesting a possible involvement of this agent in reproductive diseases.

  5. Isolamento, caracterização e diferenciação de células-tronco mesenquimais do líquido amniótico equino obtido em diferentes idades gestacionais Isolation, characterization and differentiation of mesenchymal stem cells derived from equine amniotic fluid obtained from different gestacional ages

    Bruna De Vita

    2013-04-01

    Full Text Available O interesse nas pesquisas com células-tronco derivadas de anexos fetais de diversas espécies cresceu exponencialmente nas últimas décadas em virtude de serem fontes de células-tronco adultas com potencial de diferenciação em diversas linhagens celulares que apresentam pouca ou nenhuma imunogenicidade, apresentando-se assim como alternativa de grande importância para a formação de bancos celulares. Apesar do crescente interesse, os estudos para espécie equina ainda são escassos. O objetivo deste trabalho foi isolar, caracterizar e diferenciar células-tronco mesenquimais (CTMs derivadas do líquido amniótico equino obtidas do terço inicial, médio e final da gestação (LA-CTMs, comparando suas características. Foram colhidas 23 amostras de líquido amniótico as quais foram submetidas às análises morfológica, imunocitoquímica, imunofenotípica por citometria de fluxo e às diferenciações osteogênica, adipogênica e condrogênica in vitro. Todas as amostras demonstraram adesão ao plástico e morfologia fibroblastóide. No ensaio imunocitoquímico as células de todos os grupos foram imunomarcadas para CD44, PCNA e vimentina com ausência de marcação para citoqueratina e Oct-4. Na citometria de fluxo observou-se a expressão de CD44 e CD90 e ausência de expressão de CD34, sendo que os marcadores CD44 e CD90 mostraram padrão de expressão decrescente em relação ao desenvolvimento gestacional. As amostras obtidas de todas as fases da gestação foram capazes de diferenciação nas linhagens osteogênica, condrogênica e adipogênica. Portanto, as células obtidas do líquido amniótico apresentaram características morfológicas, imunofenotípicas e potencial de diferenciação típicos das CTMs, demonstrando que a colheita pode ser realizada em qualquer fase gestacional. No entanto, mais pesquisas devem ser realizadas principalmente quanto à expressão de marcadores de pluripotencialidade (como o Oct-4 e ao seu potencial de diferenciação em linhagens extra mesodermais já relatados na literatura.The interest in stem cells derived from fetal annexes of many species has exponentially increased during the last decades, because they are adult stem cell sources with potential of differentiation in several cell lineages; which present little or no immunogenicity and are an alternative with great importance for storage cell banks. Despite the rising interest, studies for the equine species are still rare. The aim of this study was to isolate, characterize and differentiate mesenchymal stem cells derived from equine amniotic fluid obtained from initial, middle and late third of gestation (AF-MSCs, and compare their results. Twenty three samples from equine amniotic fluid were evaluated by morphological, immunocytochemical and immunophenotypical (Flow cytometer assays and osteogenic, adipogenic and chondrogenic in vitro differentiation. All samples demonstrated plastic adhesion and fibroblastoid morphology. The immunocytochemical assay demonstrated cells from all the studied groups were positive for CD44, PCNA and vimentin and negative for cytokeratin and Oct-4. Flow cytometry demonstrated expression of CD44 and CD90 and no expression of CD34, where CD44 and CD90 markers presented decreasing pattern of expression in relation to the gestational development. All samples collected from all gestational phases were capable to differentiate in osteogenic, chondrogenic and adipogenic lineages. Thus, cells obtained from equine amniotic fluid presented morphological and immunophenotypical characteristics and potential of differentiation typical of MSCs showing that the collection can be performed at any stage of pregnancy. However, more studies should be performed about the expression of pluripotent markers as Oct-4 and the differentiation potential for extra mesodermal lineages prior demonstrated in the literature.

  6. Isolamento e caracterização de Pseudomonas maltophilia (Hugh & Ryschenkow, 1960 de material clínico humano, na cidade do Rio de Janeiro Isolating and characterization of Pseudomonas maltophilia (Hugh & Ryschenkow, 1960 from human clinical specimens, in Rio de Janeiro, Guanabara, Brazil

    Altair A. Zebral

    1973-01-01

    Full Text Available Os autores estudaram as propriedades morfo-bioquímicas e a sensibilidade às substâncias antimicrobianas, de uma nova e rara espécie de Pseudomonas, a Pseudomonas maltophilia (Hugh & Ryschenkow, 1960, isolada de secração vaginal. Como características marcantes, dentre mais de 65 testadas, as amostras estudadas mostraram ser: oxidase negativa e lisina descarboxilase positiva; produziram desoxiribonuclease e um pigmento escuro que se difunde no meio; atacaram oxidativamente a maltose tanto em meio complexo nitrogenado como em meio de Hugh & Leifson e hidrolisaram a esculina. As amostras foram sensíveis ao cloranfenicol, gentamicina, kanamicina, colistin e gabromicina.The authors have studied the morpho-biochemical properties and the sensibility at antimicrobial drugs, of specie of Pseudomonas, the Pseudomonas maltophilia, (Hugh & Ryschenkow, 1960, isolated from vaginal secretion. Since important characteristics among more of sixty-five tested, the strains studied show to be: oxidase negative and lysine decarboxylase positive; to present deoxyrononuclease activity and produced a diffusible brown pigment: acid was produced by oxidation of maltose as much in nitrogenous complex medium as in Hugh & Leifson medium and they hydrolise the esculin. the strains was sensible, for the colistin chloranfenicol, gabromycin, gentamycin and nalidix acid.

  7. Fungos endofíticos em Annona spp.: isolamento, caracterização enzimática e promoção do crescimento em mudas de pinha (Annona squamosa L. Endophytic fungi of Annona spp.: isolation, enzymatic characterization of isolates and plant growth promotion in Annona squamosa L. seedlings

    Roberta Lane de Oliveira Silva

    2006-09-01

    Full Text Available A partir de folhas, caules e raízes de plantas de pinha e graviola coletadas em Pernambuco foram obtidos 110 e 90 isolados fúngicos endofíticos, respectivamente. Vinte e nove isolados foram selecionados e avaliados quanto à produção de enzimas extracelulares, através do método qualitativo em placas com meios sólidos específicos, e à capacidade de estimular o crescimento de mudas de pinha. Esses isolados foram identificados como pertencentes aos gêneros Acremonium (10,34%, Aspergillus (3,45%, Chaetomium (3,45%, Colletotrichum (10,34%, Cylindrocladium (13,8%, Fusarium (31,03%, Glomerella (3,45%, Nigrospora (6,9%, Penicillium (6,9% e Phomopsis (10,34%. Dezenove isolados apresentaram atividade lipolítica, cinco atividade proteolítica e nenhum deles atividades celulolítica ou amilolítica. Onze isolados dos gêneros Acremonium (GFR6 e GRR1, Colletotrichum (GFR4 e PFR4, Phomopsis (PFR3 e GCR4, Cylindrocladium (GRR4, Chaetomium (GRR7 e Fusarium (GRR5, PRR1 e PRR6 promoveram eficientemente o crescimento vegetal. Os índices de aumento da biomassa seca da parte aérea de mudas de pinha variou de 23,2 a 32,7%, sendo que nenhum isolado promoveu a biomassa seca da raiz. Destaca-se também que 20 isolados apresentaram efeito deletério significativo (P = 0,05 na biomassa seca da raiz das mudas de pinha. Em tecidos aparentemente sadios de plantas de pinha e graviola são encontrados alguns fungos que podem promover o crescimento da parte aérea, como também reduzir o crescimento da raiz e outros sem efeito no crescimento de mudas de pinha.Endophytic isolates of fungi were obtained from leaves, stems and roots of 110 sweetsop and 90 soursop plants from Pernambuco. Twenty-nine isolates were analyzed for production of extracellular enzymes by qualitative assay in Petri dishes containing specific solid media, and for the capacity to promote growth of sweetsop seedlings. These isolates were identified as Acremonium (10.34%, Aspergillus (3.45%, Chaetomium (3.45%, Colletotrichum (10.34%, Cylindrocladium (13.8%, Fusarium (31.03%, Glomerella (3.45%, Nigrospora (6.9%, Penicillium (6.9% and Phomopsis (10.34%. Nineteen isolates showed lypolytic activity while five showed proteolytic activity; cellulolytic and amylolytic activity were not detected. Eleven isolates of the genera Acremonium (GFR6 and GRR1, Colletotrichum (GFR4 and PFR4, Phomopsis (PFR3 and GCR4, Cylindrocladium (GRR4, Chaetomium (GRR7 and Fusarium (GRR5, PRR1 and PRR6 efficiently improved plant growth. Increase in shoot dry matter of sweetsop seedlings ranged from 23.2 to 32.7%; there was no increase in root dry matter. It is worthy of note that 20 isolates caused significant (P = 0.05 reduction in root dry matter of sweetsop seedlings. In apparently healthy tissues of sweetsop and soursop plants, some fungi promote shoot growth or reduce root growth, while others have no effect on growth of sweetsop seedlings.

  8. Human vaccinia-like virus outbreaks in São Paulo and Goiás States, Brazil: virus detection, isolation and identification Surtos de vírus Vaccinia-like nos Estados de São Paulo e Goiás, Brasil: detecção, isolamento e identificação viral

    Teresa Keico Nagasse-Sugahara

    2004-04-01

    Full Text Available Since October 2001, the Adolfo Lutz Institute has been receiving vesicular fluids and scab specimens of patients from Paraíba Valley region in the São Paulo and Minas Gerais States and from São Patricio Valley, in the Goiás State. Epidemiological data suggested that the outbreaks were caused by Cowpox virus or Vaccinia virus. Most of the patients are dairy milkers that had vesiculo-pustular lesions on the hands, arms, forearms, and some of them, on the face. Virus particles with orthopoxvirus morphology were detected by direct electron microscopy (DEM in samples of 49 (66.21% patients of a total of 74 analyzed. Viruses were isolated in Vero cell culture and on chorioallantoic membrane (CAM of embryonated chicken eggs. Among 21 samples submitted to PCR using primers for hemagglutinin (HA gene, 19 were positive. Restriction digestion with TaqI resulted in four characteristic Vaccinia virus fragments. HA nucleotide sequences showed 99.9% similarity with Cantagalo virus, described as a strain of Vaccinia virus. The only difference observed was the substitution of one nucleotide in the position 616 leading to change in one amino acid of the protein in the position 206. The phylogenetic analysis showed that the isolates clustered together with Cantagalo virus, other Vaccinia strains and Rabbitpox virus.A partir de outubro de 2001, o Instituto Adolfo Lutz tem recebido amostras de líquido vesicular e crostas de lesões de pele de pacientes das regiões do Vale do Paraíba, Estado de São Paulo e do Vale do São Patricio, Estado de Goiás. Os dados clínicos e epidemiológicos sugeriam que os surtos poderiam ser causados por Cowpox virus ou Vaccinia virus. A maioria dos pacientes era ordenhadores que tinham lesões vesicopustulares nas mãos, braços, antebraços e alguns na face. A análise por microscopia eletrônica direta (MED detectou partículas com morfologia de vírus do gênero Orthopoxvirus em amostras de 49 (66,21% pacientes dos 74 analisados. Os vírus foram isolados em membrana corioalantóide (MCA de ovo embrionado de galinha e em linhagem celular Vero com confirmação por MED e PCR. Das 21 amostras de lesões submetidas ao PCR utilizando iniciadores para o gene da hemaglutinina (HA, 19 foram positivas. A digestão por enzima de restrição TaqI resultou em quatro fragmentos característicos de Vaccinia virus. A análise nucleotídica do seqüenciamento revelou que esses vírus apresentam 99,9% de similaridade com o Cantagalo virus, descrito como uma cepa de Vaccinia virus, havendo apenas alteração de um nucleotídeo na posição 616 com mudança de um aminoácido na proteína na posição 206. A análise filogenética mostrou que os isolados se agruparam junto aos Cantagalo virus, outras cepas de Vaccinia virus e Rabbitpox virus.

  9. Isolamento, seleção de bactérias e efeito de Bacillus spp. na produção de mudas orgânicas de alface Isolation, selection of bacteria, and effect of Bacillus spp. in the production of organic lettuce seedlings

    Andréa M.A. Gomes

    2003-12-01

    Full Text Available Isolados bacterianos epifíticos e endofíticos, obtidos de plantas sadias de alface, foram avaliados para promoção de crescimento de mudas e plantas, respectivamente em estufa e campo de cultivo orgânico (Chã Grande-PE. Nos experimentos em estufa, foi utilizada a cultivar Verônica e em campo, as cultivares Verdinha e Verônica. Os isolados foram aplicados por bacterização simultânea nas sementes e substrato. Em campo, foram utilizados os isolados mais eficientes, C25 (Bacillus thuringiensis subvar. kenyae e C116 (Bacillus pumilus, separadamente e em mistura, após teste de compatibilidade. Em estufa, foram avaliadas a matéria fresca de raízes (MFR, da parte aérea (MFPA e total (MFT, 21 dias após a bacterização. Em campo, foi determinado o peso da matéria fresca total de plantas comercializáveis 21 e 28 dias após o transplante, respectivamente para as cultivares Verdinha e Verônica. Os mecanismos de ação de BPCP analisados foram produção de ácido indol acético, ácido cianídrico, solubilização de fosfatos e alterações dos teores foliares dos macronutrientes, N, P, K, Ca e Mg. Em estufa, as mudas apresentaram aumento significativo em relação à testemunha para MFR, MFPA e MFT quando foi utilizado o isolado C116 e para MFR e MFT utilizando-se o C25. No campo, não houve promoção significativa no crescimento nas plantas das cultivares Verdinha e Verônica, tratadas com C25 e C116 separadamente ou em mistura. Dos mecanismos de ação analisados verificou-se apenas elevação significativa (P=0,05 do teor foliar de N pelo isolado C25.Epiphytic and endophytic bacterial strains isolated from healthy lettuce plants were evaluated for growth promotion of seedlings and plants respectively under greenhouse and field conditions of organic production of lettuce, in Brazil. The cultivar Verônica was utilized in the greenhouse experiments and cvs. Verônica and Verdinha were evaluated in the field. The strains were applied by simultaneous bacterization of seed and substrate. In the field the most efficient strains C25 (Bacillus thuringiensis subvar. kenyae and C116 (Bacillus pumilus were utilized separated and in mixture after the compatibility assay. In greenhouse root fresh weight (MFR, shoot fresh weight (MFPA and total fresh weight (MFT were evaluated 21 days after bacterization. In field the total fresh weight of commercial plants was determined 21 and 28 days after transplant, respectively for cvs. Verdinha and Verônica. The mechanisms of BPCP studied were production of indolacetic acid, cyanidric acid, phosphate solubilization and alterations of N, P, K, Ca and Mg foliar levels. In the greenhouse, seedlings treated with C116 showed significant increase in relation to controls for MFR, MFPA and MFT as well as those treated with C25 for MFR and MFT. In the field cvs. Verdinha and Verônica treated with C25, C116 or mixture did not significantly differ from control. None of the analyzed mechanisms were positive but strain C25 significantly increased the level of foliar N.

  10. Efeitos de área e de borda sobre a estrutura florestal em fragmentos de floresta de terra-firme após 13-17 anos de isolamento Area and edge effects on forest structure in Amazonian forest fragments after 13-17 years of isolation

    Henrique E. M. Nascimento

    2006-01-01

    Full Text Available As estimativas de densidade e biomassa de árvores vivas com DAP > 10 cm e arvoretas 1-9,9 cm de DAP, liteira lenhosa grossa caída (LCG diâmetro > 10 cm, árvores mortas em pé (> 10 de DAP e liteira lenhosa fina caída (LCF - 2,5 9,9 cm de diâmetro foram quantificadas em 56 parcelas permanentes de 1 ha, distribuídas em quatro categorias de tamanho de fragmento - fragmentos de 1 ha (4 parcelas, fragmentos de 10 ha (12 parcelas e fragmentos de 100 ha (14 parcelas e floresta contínua (19 parcelas e em duas classes de distância da borda - 300 m (21 parcelas. A densidade e a biomassa de árvores e arvoretas de espécies de estágios sucessionais mais avançados não diferiram significativamente entre as diferentes categorias de tamanho e entre as duas distâncias da borda. Por outro lado, fragmentos florestais e locais 300 m da borda, respectivamente. Fragmentos florestais apresentaram maior quantidade de LCG e LCF do que a floresta contínua. Houve também diferenças significativas entre ambas as distâncias da borda para a quantidade de LCG e LCF e necromassa total. Uma análise de covariância mostrou que não houve efeito de tamanho do fragmento, mas a distância da borda teve um efeito significativo sobre a quantidade de LCG e LCF. A quantidade de LCG e LCF foi correlacionada negativamente com a distância da borda - locais mais próximos à borda tiveram cerca de 40% e 60% mais LCG do que locais mais distantes.Density and biomass of live trees >10 cm DBH and saplings 1-9.9 cm DBH, coarse woody debris (LCG diameter > 10 cm, fine woody debris (LCF diameter 2.5-9.9 cm, and standing dead trees (> 10 cm DBH were quantified in 56 permanent, 1-ha sample plots. These plots are located in four 1- (4 plots, three 10- (12 plots and two 100- (14 plots forest fragments in size and nearby continuous forests (19 plots as well as in two classes of distance from the edges - 300 m (21 plots. Density and biomass of primary species did not differ significantly among the four size categories and the two edge distance classes. However, forest fragments and distance 300 m from the edge, respectively. There were no significant differences among the size categories for standing dead trees. Forest fragments, however, had more quantity of LCG and LCF than did continuous forests. Moreover, distances 300 m. We performed an ANCOVA to assess whether differences in LCG and LCF in fragments were due to proximity of forest borders. An ANCOVA showed that there was no significant effect of fragment size on necromass, but a significant effect of edge distance on both LCG and LCF. The quantity of LCG and LCF was correlated negatively with edge distance sites close to the edge presented over 40-60% more LCG than sites far from the edges in both forest fragments and continuous forests.

  11. Isolation and biological activities of secondary metabolites from the sponges monanchora aff. arbuscula, aplysina sp. petromica ciocalyptoides and topsentia ophiraphidies, from the ascidian didemnum ligulum and from the octocoral carijoa riisei; Isolamento e atividades biologicas de produtos naturais das esponjas monanchora arbuscula, aplysina sp., petromica ciocalyptoides e topsentia ophiraphidites, da ascidia didemnum ligulum e do octocoral carijoa riisei

    Kossuga, Miriam H.; Lira, Simone P. de; Nascimento, Andrea M.; Gambardella, Maria Teresa P.; Berlinck, Roberto G.S. [Universidade de Sao Paulo (USP), Sao Carlos, SP (Brazil). Inst. de Quimica]. E-mail: rgsberlinck@iqsc.usp.br; Torres, Yohandra R. [Universidade Estadual do Centro-Oeste, Guarapuava, PR (Brazil). Dept. de Quimica; Nascimento, Gislene G.F. [Universidade Metodista de Piracicaba (UNIMEP), SP (Brazil). Faculdade de Ciencias da Saude; Pimenta, Eli F.; Silva, Marcio; Thiemann, Otavio H.; Oliva, Glaucius [Universidade de Sao Paulo (USP), Sao Carlos, SP (Brazil). Inst. de Fisica; Tempone, Andre G.; Melhem, Marcia S.C. [Instituto Adolfo Lutz, Sao Paulo, SP (Brazil). Div. de Biologia Medica; Souza, Ana O. de; Galetti, Fabio C.S.; Silva, Celio L. [Universidade de Sao Paulo (USP), Ribeirao Preto, SP (Brazil). Faculdade de Medicina. Dept. de Bioquimica e Imunologia; Cavalcanti, Bruno; Pessoa, Claudia O.; Moraes, Manoel O. [Universidade Federal do Ceara (UFC), Fortaleza, CE (Brazil). Faculdade de Medicina. Dept. de Fisiologia e Farmacologia; Hajdu, Eduardo [Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), RJ (Brazil). Museu Nacional; Peixinho, Solange [Universidade Federal da Bahia (UFBA), Salvador, BA (Brazil). Dept. de Biologia; Rocha, Rosana M. [Universidade Federal do Parana (UFPR), Curitiba, PR (Brazil). Setor de Ciencias Biologicas. Dept. de Zoologia

    2007-09-15

    The investigation of extracts from six species of marine invertebrates yielded one new and several known natural products. Isoptilocaulin from the sponge Monanchora aff. arbuscula displayed antimicrobial activity at 1.3 mg/mL against an oxacillin-resistant strain of Staphylococcus aureus. Five inactive known dibromotyrosine derivatives, 2 6, were isolated from a new species of marine sponge, Aplysina sp. The sponges Petromica ciocalyptoides and Topsentia ophiraphidites yielded the known halistanol sulfate A (7) as an inhibitor of the antileishmanial target adenosine phosphoribosyl transferase. The ascidian Didemnum ligulum yielded asterubin (10) and the new N,N-dimethyl-O-methylethanolamine (11). The octocoral Carijoa riisei yielded the known 18-acetoxypregna-1,4,20-trien-3-one (12), which displayed cytotoxic activity against the cancer cell lines SF295, MDA-MB435, HCT8 and HL60. (author)

  12. Flavonoids from Lonchocarpus araripensis (Leguminoseae): isolation, unequivocal assignment of NMR signals {sup 1}H and {sup 13}C and conformational analysis; Flavonoides de Lonchocarpus araripensis (Leguminoseae): isolamento, atribuicao inequivoca dos sinais de RMN {sup 1}H e {sup 13}C e analise conformacional

    Lima, Almi F.; Ferreira, Daniele A.; Monte, Francisco Jose Q., E-mail: fmonte@dqoi.ufc.br [Universidade Federal do Ceara (UFC), Fortaleza, CE (Brazil). Centro de Ciencias. Departamento de Quimica Organica e Inorganica; Braz-Filho, Raimundo [Universidade Estadual do Norte Fluminense (UENF), Campo dos Goytacazes, RJ (Brazil). Centro de Ciencias Tecnologicas. Laboratorio de Ciencias Quimicas

    2014-07-01

    In a continuing investigation for potentially bioactive natural products, flavonoids were isolated from Lonchocarpus araripensis (Leguminoseae) and identified as 3-methoxy-6-O-prenyl-6'',6''-dimethylchromene-[7,8,2'',3'']-flavone (1), 3,6-dimethoxy-6'',6''-dimethylchromene-[7,8,2'',3'']-flavone (2) and 3,5,8-trimethoxy-[6,7,2{sup ,}3{sup ]}-furanoflavone (3). This is the first time compound 3 has been described. Compound 2 has been previously isolated from roots while this is the first time 1 is reported in this species. Complete NMR assignments are given for 1 ,2 and 3 together with the determination of conformation for 1. (author)

  13. Isolation and characterization of two plant growth-promoting bacteria from the rhizoplane of a legume (Lupinus albescens in sandy soil Isolamento e caracterização de duas bactérias promotoras de crescimento vegetal do rizoplano de uma leguminosa (Lupinus albescens de solo arenoso

    Adriana Giongo

    2010-04-01

    Full Text Available Two bacterial strains that amplified part of the nifH gene, RP1p and RP2p, belonging to the genus Enterobacter and Serratia, were isolated from the rhizoplane of Lupinus albescens. These bacteria are Gram-negative, rod-shaped, motile, facultative anaerobic, and fast-growing; the colonies reach diameters of 3-4 mm within 24 h of incubation at 28 ºC. The bacteria were also able to grow at temperatures as high as 40 ºC, in the presence of high (2-3 % w/v NaCl concentrations and pH 4 -10. Strain RP1p was able to utilize 10 of 14 C sources, while RP2p utilized nine. The isolates produced siderophores and indolic compounds, but none of them was able to solubilize phosphate. Inoculation of L. albescens with RP1p and RP2p strains resulted in a significant increase in plant dry matter, indicating the plant-growth-promoting abilities of these bacteria.Duas linhagens bacterianas que apresentaram amplificação de parte do gene nifH, RP1p e RP2p, pertencentes aos gêneros Enterobacter e Serratia, foram isoladas do rizoplano de Lupinus albescens. Essas bactérias são Gram-negativas, com formato de bastonete, móveis, anaeróbias facultativas e apresentam multiplicação rápida, com colônias alcançando diâmetros de 3-4 mm em 24 h de incubação a 28 ºC. RP1p e RP2p também foram capazes de multiplicação em temperaturas elevadas, como 40 ºC, na presença de alta concentração de NaCl (2-3 % v/v e em valores de pH que variaram de 4 a 10. A linhagem RP1p foi capaz de utilizar 10 das 14 fontes de carbono avaliadas, enquanto a linhagem RP2p utilizou nove. Os isolados produziram sideróforos e compostos indólicos, mas foram incapazes de solubilizar fosfatos. A inoculação de L. albescens com as linhagens RP1p e RP2p resultou em aumento significativo do peso das plantas secas, o que demonstra que essas bactérias apresentam propriedades que favorecem o crescimento vegetal.

  14. Isolamento e caracterização de fibroblastos gengivais positivos para fosfatase alcalina de pacientes portadores de periodontite crônica e hiperplasia gengival medicamentosa = Isolation and characterization of gingival fibroblasts positive for alkaline phosphatase in patients with chronic periodontitis and drug-induced gingival hyperplasia

    Santos, Vagner Rodrigues

    2010-01-01

    Full Text Available Objetivo: Investigar a expressão da atividade de fosfatase alcalina (ALP em fibroblastos gengivais de sujeitos com periodontite crônica (PC e hiperplasia gengival medicamentosa (HGM induzida por difenilhidantoína. Metodologia: Os fragmentos gengivais foram obtidos de 13 pacientes (8 mulheres e 5 homens, 22 a 74 anos, sendo 4 fragmentos procedentes de gengiva clinicamente normal (GN, 5 de biópsias de bolsas periodontais com PC e 4 de HGM induzida pela difenilhidantoína. Através de digestão enzimática, suspensões de células gengivais foram preparadas contendo fibroblastos ALP-positivos sem afetar a atividade da enzima ALP. Análises citoquímica e histoquímica foram realizadas. Resultados: Fibroblastos de GN apresentaram fraca positividade para ALP quando comparados com PC e HGM. PC e HGM exibiram níveis elevados e intermediários, respectivamente, de ALP. Observou-se menor proliferação celular na cultura de células em PC e HGM que em GN. Entretanto, a quantidade de células recuperadas das sub-culturas foi similar à quantidade recuperada na cultura inicial para as três linhagens. Conclusões: A expressão de ALP na PC e na HGM encontra-se aumentada e ocorre baixa proliferação de fibroblastos na PC e na HGM. Isto sugere que a inflamação periodontal e a difenilhidantoína podem influenciar a expressão de ALP e a multiplicação de fibroblastos gengivais humanos. Outros estudos são necessários para melhor avaliar a importância de ALP no desenvolvimento e na progressão de PC e HGM

  15. Profilaxia da peste

    Renato dos Santos Araújo

    1967-12-01

    Full Text Available O autor parte da premissa de que a profilaxia da doença infecciosa decorre do encadeamento epidemiológico: fonte de infecção-veículo transmissor - receptivel, para explicar a da peste, baseada no mesmo princípio. Depois de citar os 4 principais complexos epidemiológicos da peste e afirmar que tôda a profilaxia da doença consiste em atingir os dois primeiros elos dessas cadeias e proteger o último, passa a classificar os vários métodos profiláticos empregados em 2 grandes grupos: o das medidas destrutivas ou provisórias e o das medidas supressivas ou definitivas. Entre as primeiras arrola a desratização e a despulização, às quais acrescenta o tratamento e isolamento do doente e do portaãor, e entre as segundas inclui a anti-ratização e a imunização. A seguir, passa a explicar em que consistem essas várias medidas profiláticas e quais os agentes de que se tem lançado mão para executá-las, expendendo ao curso dessa exposição o conceito que formula a respeito de cada uma delas, à guisa de apreciação do seu valor relativo. Enaltece sobretudo as medidas supressivas ou definitivas, às quais empresta a maior significação na luta antipestosa, chamando a atenção, em especial, para a necessidade de estudos imunológicos para aperfeiçoamento do poder imunitário das vacinas de germes vivos avirulentos, que considera um grande recurso para a profilaxia da doença, sobretudo para a proteção do rurícola, cujo labor e modo de vida o expõem inevitavelmente a se infectar, por ocasião da ocorrência de epizootias de origem silvestre. Concluída essa primeira parte, passa a fazer o histórico de como se desenvolveu a campanha contra a peste, no Brasil, desde a época da sua invasão em 1899 pelo pôrto de Santos até os nossos dias. Nesse histórico, detem-se um pouco para expôr a atuação do extinto Serviço Nacional de Peste, o qual, criado em 1941, após a reorganização do Departamento Nacional de Saúde, passou

  16. Toxicidade pulmonar induzida pela rapamicina Lung toxicity induced by rapamycin

    C Damas

    2006-11-01

    Full Text Available As doenças pulmonares induzidas por fármacos constituem uma causa crescente de morbilidade, tendo sido descritas diferentes formas de toxicidade associadas a inúmeras substâncias. O sirolimus (rapamicina é um fármaco imunossupressor usado de forma crescente no contexto do transplante de órgãos sólidos, nomeadamente no transplante renal. A toxicidade pulmonar tem sido descrita como um dos potenciais efeitos laterais, nomeadamente causando formas de pneumonite intersticial ou, mais raramente, hemorragia alveolar. Os autores descrevem os casos de quatro doentes (3 do sexo masculino, 1 do sexo feminino com idades compreendidas entre os 46-71 anos, recipientes de transplante renal (rim cadáver há 3 anos (1 doente e 7 anos (3 doentes. A imunosupressão consistia em micofenolato mofetil, prednisolona e rapamicina. Os quatro doentes foram admitidos por febre, tosse produtiva (2 e dispneia (3. Apresentavam imagem radiológica de infiltrados pulmonares bilaterais de predomínio basal. O LBA mostrou alveolite linfocítica em 3 doentes, tendo-se observado no entanto diferentes relações CD4/CD8., para além de neutrofilia em 2 deles. No restante doente, observou-se hemorragia alveolar grave. Não houve em nenhum dos casos qualquer isolamento de micro organismos patogénicos no LBA. As queixas apresentadas, bem como as alterações radiológicas regrediram com a suspensão do fármaco. Estes quatro casos revelaram alguma variedade, quer na apresentação clínica, quer nos achados dos exames subsidiários efectuados, nomeadamente no LBA. Este facto pode ter como causa diferentes mecanismos fisiopatológicos a nível do pulmão induzidos pelo sirolimus.Drug induced lung diseases (DILD are an increasingly cause of morbidity. Many drugs have been described, causing several patterns of injury. Sirolimus is an immunosuppressive agent increasingly used in renal and other solid organ transplantation. Pulmonary toxicity has been recognised as a potential

  17. Dengue in the South-eastern region of Brazil: historical analysis and epidemiology Dengue na região sudeste do Brasil: análise histórica e soroepidemiológica

    José Carlos Serufo

    1993-06-01

    -Elisa, inibição da hemaglutinação, isolamento e tipagem. Foram avaliados os níveis de intoxicação de trabalhadores por inseticidas organofosforado, através de dosagem da colinesterase. Foram coletados 1.989 soros de pessoas com quadro febril não identificado em 28 municípios, sendo constatada a ocorrência de dengue em 17 e comprovada autoctonia em 14 municípios. Foi isolado sorotipo 1. A dosagem de colinesterase de 2.391 soros mostrou 53 casos com alterações, sendo comprovados 3 casos de intoxicação. Os resultados mostraram uma epidemia de proporções maiores do que a oficialmente conhecida. A distribuição ampla do vetor traz inquietação quanto à possibilidade de reurbanização da febre amarela silvestre, enquanto a não detecção do A. aegypti em 2 municípios com autoctonia levanta a possibilidade do envolvimento de outros vetores. Como não existe ainda vacina contra o dengue, o combate ao vetor é a medida eficaz na prevenção de surtos. A erradicação do vetor depende de decisão governamental que envolva a organização do sistema de saúde e a participação de todos os meios e formas de repasse de informação, uma vez que o resultado a médio e longo prazo depende especialmente da capacitação popular e sua participação ostensiva.

  18. Efficacy of florfenicol and intravenous fluid therapy for treatment of experimental salmonellosis in newborn calves Eficácia do florfenicol e da fluidoterapia parenteral no tratamento da salmonelose experimental em bezerros neonatos

    D.G. Silva

    2010-06-01

    ção experimental. Foram colhidas amostras de suabes retais para o isolamento de Salmonella Dublin e amostras de sangue para determinação dos valores de pH e dosagem de eletrólitos sanguíneos. A infecção experimental com Salmonella Dublin induziu sinais clínicos de salmonelose, como diarreia e febre, e provocou redução do valor do pH e das concentrações sanguíneas de sódio, potássio e cloreto. Os bezerros submetidos aos tratamentos mostraram boa recuperação clínica, sendo que o grupo tratado com antibiótico combinado à fluidoterapia apresentou correção mais rápida e eficiente do equilíbrio hidroeletrolítico.

  19. Weed-biocontrol insects reduce native-plant recruitment through second-order apparent competition.

    Pearson, Dean E; Callaway, Ragan M

    2008-09-01

    Small-mammal seed predation is an important force structuring native-plant communities that may also influence exotic-plant invasions. In the intermountain West, deer mice (Peromyscus maniculatus) are prominent predators of native-plant seeds, but they avoid consuming seeds of certain widespread invasives like spotted knapweed (Centaurea maculosa). These mice also consume the biological-control insects Urophora spp. introduced to control C. maculosa, and this food resource substantially increases deer mouse populations. Thus, mice may play an important role in the invasion and management of C. maculosa through food-web interactions. We examined deer mouse seed predation and its effects on seedling emergence and establishment of a dominant native grass, Pseudoroegneria spicata, and forb, Balsamorhiza sagittata, in C. maculosa-invaded grasslands that were treated with herbicide to suppress C. maculosa or left untreated as controls. Deer mice readily took seeds of both native plants but removed 2-20 times more of the larger B. sagittata seeds than the smaller P. spicata seeds. Seed predation reduced emergence and establishment of both species but had greater impacts on B. sagittata. The intensity of seed predation corresponded with annual and seasonal changes in deer mouse abundance, suggesting that abundance largely determined mouse impacts on native-plant seeds. Accordingly, herbicide treatments that reduced mouse abundance by suppressing C. maculosa and its associated biocontrol food subsidies to mice also reduced seed predation and decreased the impact of deer mice on B. sagittata establishment. These results provide evidence that Urophora biocontrol agents may exacerbate the negative effects of C. maculosa on native plants through a form of second-order apparent competition-a biocontrol indirect effect that has not been previously documented. Herbicide suppressed C. maculosa and Urophora, reducing mouse populations and moderating seed predation on native plants

  20. O falar da comunidade negra de João Ramalho

    João Roberto Inácio Ribeiro

    2001-02-01

    Full Text Available

    Este trabalho pretende explorar algumas peculiaridades lingüísticas da comunidade negra de João Ramalho, na região de Assis, SP, tendo em vista o isolamento em que essa comunidade vive. Este isolamento é resultado de uma atitude bastante resistente à inter-relação com membros de outros grupos.

  1. Anatomical studies of some medicinal plants of family polygonaceae

    Hameed, I.; Hussain, F.; Dastgir, G.

    2010-01-01

    Anatomical studies of the 6 different species of family Polygonaceae viz., Rumex hastatus D. Don, Rumex dentatus Linn, Rumex nepalensis Spreng, Rheum australe D. Don, Polygonum plebejum R. Br and Persicaria maculosa S.F. Gay are presented. The study is based on the presence and absence of epidermis, parenchyma, collenchyma, sclerenchyma, endodermis, pericycle, xylem, phloem, pith, mesophyll cells and stone cells. (author)

  2. Plant Community Diversity After Herbicide Control of Spotted Knapweed

    United States Department of Agriculture, Forest Service

    1992-01-01

    Herbicides were applied to four west-central Montana sites with light to moderate spotted knapweed (Centaurea maculosa Lam.) infestations. Althought knapweed suppression was high, 2 years after the spraying the communities were not converted to grass monocultures. No large declines in plant diversity were caused by the herbicides, and small depressions were probably transitory. By the third year, diversity had increased.

  3. Difference between the vocalizations of two sister species of pigeons explained in dynamical terms.

    Alonso, R Gogui; Kopuchian, Cecilia; Amador, Ana; Suarez, Maria de Los Angeles; Tubaro, Pablo L; Mindlin, Gabriel B

    2016-05-01

    Vocal communication is an unique example, where the nonlinear nature of the periphery can give rise to complex sounds even when driven by simple neural instructions. In this work we studied the case of two close-related bird species, Patagioenas maculosa and Patagioenas picazuro, whose vocalizations differ only in the timbre. The temporal modulation of the fundamental frequency is similar in both cases, differing only in the existence of sidebands around the fundamental frequency in the P. maculosa. We tested the hypothesis that the qualitative difference between these vocalizations lies in the nonlinear nature of the syrinx. In particular, we propose that the roughness of maculosa's vocalizations is due to an asymmetry between the right and left vibratory membranes, whose nonlinear dynamics generate the sound. To test the hypothesis, we generated a biomechanical model for vocal production with an asymmetric parameter Q with which we can control the level of asymmetry between these membranes. Using this model we generated synthetic vocalizations with the principal acoustic features of both species. In addition, we confirmed the anatomical predictions by making post mortem inspection of the syrinxes, showing that the species with tonal song (picazuro) has a more symmetrical pair of membranes compared to maculosa.

  4. Comparison of ground beetle (Coleoptera: Carabidae) assemblages in Rocky Mountain savannas invaded and un-invaded by an exotic forb, spotted knapweed

    Allison K. Hansen; Yvette K. Ortega; Diana L. Six

    2009-01-01

    We compared ground beetle (Carabidae) assemblages between spotted knapweed (Centaurea maculosa Lam.) -invaded (invaded) and un-invaded (native) habitats in Rocky Mountain savannas. Carabids play important roles in biotic communities and are known as a good indictor group of environmental change. Carabid species activity-abundance and diversity were estimated, and...

  5. Effects of invasive knapweed (Centaurea stoebe subsp. micranthos) on a threatened native thistle (Cirsium pitcheri) vary with environment and life stage

    Although invasive plants can threaten rare plants, more direct evidence on the type and magnitude of their effects on demographic parameters is needed. To determine whether Eurasian spotted knapweed, Centaurea maculosa, affected seedling emergence and establishment, juvenile survival or flowering pr...

  6. Are pre-spraying growing conditions a major determinant of herbicide efficacy?

    Riethmuller-Haage, I.C.P.; Bastiaans, L.; Kempenaar, C.; Smutny, V.; Kropff, M.J.

    2007-01-01

    To evaluate the effect of pre-spraying growing conditions on herbicide efficacy, two years of experimentation were conducted in which Persicaria maculosa plants were exposed to different light intensities for 1¿4 days before metribuzin treatment. Specific leaf area, rather than plant growth rate or

  7. Dicty_cDB: VHE487 [Dicty_cDB

    Full Text Available CNMS7844.b1_H17.ab1 CNM(LMS) spotted knapweed Centaurea maculosacDNA clone CNMS7844, mRNA sequence. 38 0.016... 2 EH740364 |EH740364.1 CNMS13648.b1_O04.ab1 CNM(LMS) spotted knapweed Centaurea maculosa cDNA clone CNMS136

  8. An indirect dispersal pathway for spotted knapweed seeds via deer mice and great-horned owls

    Dean E. Pearson; Yvette K. Ortega

    2001-01-01

    Spotted Knapweed (Centaurea maculosa) seeds were found in the pellets of Great Horned Owls (Bubo virginianus). That apparently resulted from owls preying upon Deer Mice (Peromyscus maniculatus) which had incidentally consumed knapweed seeds while foraging for the larvae of biological control agents within...

  9. Recent changes in the deep-water fish populations of Lake Michigan

    Moffett, James W.

    1957-01-01

    The deep-water fish fauna of Lake Michigan consisted of lake trout (Salvelinus namaycush), burbot (Lota lota maculosa), seven species of chubs or deep-water ciscoes (Leucichthys spp.), and the deep-water sculpin (Myoxocephalus quadricornis). Other species occupied the deep-water zone but were not typically part of the fauna.

  10. Insect herbivory stimulates allelopathic exudation by an invasive plant and the suppression of natives

    Giles C. Thelen; Jorge M. Vivanco; Beth Newingham; William Good; Harsh P. Bais; Peter Landres; Anthony Caesar; Ragan M. Callaway

    2005-01-01

    Exotic invasive plants are often subjected to attack from imported insects as a method of biological control. A fundamental, but rarely explicitly tested, assumption of biological control is that damaged plants are less fit and compete poorly. In contrast, we find that one of the most destructive invasive plants in North America, Centaurea maculosa,...

  11. Deer mouse predation on the biological control agent, Urophora spp., introduced to control spotted knapweed

    Dean Pearson

    1999-01-01

    Field observations made in 1993 suggested that rodents were preying on spotted knapweed (Centaurea maculosa) seedheads, possibly targeting the gall fly larvae (Urophora spp.) which overwinter within them. I conducted a brief study to determine the cause of seedhead predation and quantify gall fly predation. Stomachs were examined...

  12. Factors influencing plant invasiveness

    Yvette Ortega; Dean Pearson

    2009-01-01

    Invasiveness of spotted knapweed and biological control agents. Dean and Yvette are examining the influence of drought on the invasiveness of spotted knapweed (Centaurea maculosa) and its susceptibility to herbivory by biological control agents. In collaboration with the University of Montana and Forest Health Protection, researchers have constructed 150...

  13. Invasive plant architecture alters trophic interactions by changing predator abundance and behavior

    Dean E. Pearson

    2009-01-01

    As primary producers, plants are known to influence higher trophic interactions by initiating food chains. However, as architects, plants may bypass consumers to directly affect predators with important but underappreciated trophic ramifications. Invasion of western North American grasslands by the perennial forb, spotted knapweed (Centaurea maculosa...

  14. First identification of natural infection of Rickettsia rickettsii in the Rhipicephalus sanguineus tick, in the State of Rio de Janeiro Primeira identificação de infecção natural por Rickettsia rickettsii no carrapato Rhipicephalus sanguineus no Rio de Janeiro

    Nathalie C. Cunha

    2009-02-01

    Full Text Available The Brazilian Spotted Fever (BSF is a zoonotic disease caused by Rickettsia rickettsii and transmitted by ticks of the genus Amblyomma, more frequently, Amblyomma cajennense. The aim of this paper was to report the first molecular detection of R. rickettsii on R. sanguineus naturally infected in Rio de Janeiro, Brazil. Ticks were collected from dogs in a rural region of Resende municipality, Rio de Janeiro State, Brazil (22º30'9.46"S, 44º42'44.29"WO, where occurred five human cases of BSF in 2006. The ticks were identified under a stereoscopic microscope and separated in pools by stages, species and sex. DNA extraction was carried out using QIAamp DNA Mini Kit (QIAGEN®. The DNA was submitted to PCR amplification using 04 set of primers: Rr190.70p/Rr190.602n (OmpA, 532bp, BG1-21/BG2-20 (OmpB, 650bp, Tz15/Tz16 (17 kDa protein-encoding gene, 246bp and RpCS.877p/RpCS.1258n (gltA, 381bp. PCR products were separated by electrophoresis on 1% agarose gels and visualized under ultraviolet light with ethidium bromide. PCR products of the expected sizes were purified by QIAquick® and sequenced by ABI PRISM®. The generated nucleotide sequences were edited with using Bioedit® software and compared with the corresponding homologous sequences available through GenBank, using Discontiguous Mega Blast (http://www.ncbi.nlm.nih.gov. It was confirmed R. rickettsii by sequencing of the material (GenBank FJ356230. The molecular characterization of R. rickettsii in the tick R. sanguineus emphasizes the role of dogs as carriers of ticks from the environment to home. Moreover, this result suggests that there is a considerable chance for active participation of R. sanguineus as one of tick species in the transmission of R. ricketsii to human being in the Brazilian territory.A Febre Maculosa Brasileira (FMB é uma zoonose causada por Rickettsia rickettsii e transmitida por carrapatos do gênero Amblyomma, mais freqüentemente pela espécie Amblyomma cajennense. Este

  15. Combined Transcriptomic and Proteomic Analysis of the Posterior Salivary Gland from the Southern Blue-Ringed Octopus and the Southern Sand Octopus.

    Whitelaw, Brooke L; Strugnell, Jan M; Faou, Pierre; da Fonseca, Rute R; Hall, Nathan E; Norman, Mark; Finn, Julian; Cooke, Ira R

    2016-09-02

    This study provides comprehensive proteomic profiles from the venom producing posterior salivary glands of octopus (superorder Octopodiformes) species. A combined transcriptomic and proteomic approach was used to identify 1703 proteins from the posterior salivary gland of the southern blue-ringed octopus, Hapalochlaena maculosa and 1300 proteins from the posterior salivary gland of the southern sand octopus, Octopus kaurna. The two proteomes were broadly similar; clustering of proteins into orthogroups revealed 937 that were shared between species. Serine proteases were particularly diverse and abundant in both species. Other abundant proteins included a large number of secreted proteins, many of which had no known conserved domains, or homology to proteins with known function. On the basis of homology to known venom proteins, 23 putative toxins were identified in H. maculosa and 24 in O. kaurna. These toxins span nine protein families: CAP (cysteine rich secretory proteins, antigen 5, parthenogenesis related), chitinase, carboxylesterase, DNase, hyaluronidase, metalloprotease, phospholipase, serine protease and tachykinin. Serine proteases were responsible for 70.9% and 86.3% of putative toxin expression in H. maculosa and O. kaurna, respectively, as determined using intensity based absolute quantification (iBAQ) measurements. Phylogenetic analysis of the putative toxin serine proteases revealed a similar suite of diverse proteins present in both species. Posterior salivary gland composition of H. maculosa and O. kaurna differ in several key aspects. While O. kaurna expressed the proteinaceous neurotoxin, tachykinin, this was absent from H. maculosa, perhaps reflecting the acquisition of a potent nonproteinaceous neurotoxin, tetrodotoxin (TTX) produced by bacteria in the salivary glands of that species. The dispersal factor, hyaluronidase was particularly abundant in H. maculosa. Chitinase was abundant in both species and is believed to facilitate

  16. Polychaete Anneliden verzameld door Het Rijksinstituut voor Biologisch Visscherijonderzoek

    Horst, R.

    1920-01-01

    Lepidonotus squamatus L. juv. Waarn. 134. Enkhuizerzand. 7 Febr. 1909. Zooals vroeger door mij aangetoond, is deze soort vrij gemeen in de Zuiderzee. Eunoa nodosa M. Sars. Waarn. 16. 55° 40' N.Br., 0° 50' W.L. 8 Maart 1914. Harmothoë (Evarne) impar (Johnst.). Waarn. 69. Molengat. 16 Oct. 1913. De

  17. Mine water pollution - acid mine decant, effluent and treatment: a consideration of key emerging issues that may impact the State of the Environment

    Oelofse, Suzanna HH

    2009-01-01

    Full Text Available into the implications of extending coal mining in that region. 1 0 ? On 6 December 2006 the NSW Govern ment established an independent inquiry into underground coal mining in the Southern Coalfield. 1 1 ? On 5 Febr uary 2007 the NSW Gover nme nt appointed...

  18. Plecoptera aus Java. Eine neue Nemura-Art

    Klapálek, Fr.

    1912-01-01

    Seit der Veröffentlichung der Abhandlung: „Ueber die Neoperla-Arten aus Java” (Notes from the Leyden Museum, Vol. XXXII, p. 33) habe ich von Herrn EDW. JACOBSON weiteres Plecopteren-Material erhalten, welches sich aus folgenden Arten zusammensetzte: 1 ♂ Neoperla luteola BURM. aus Semarang (Febr.

  19. Researchers’ views on research evaluation and the Danish Bibliometric Research Indicator

    Brøndum, Iben

    2013-01-01

    it might have affected their research practice. The study was carried out in 2013 (Febr-Sept) and consisted of a web-based questionnaire sent to 500 researchers in five Danish universities. Respondents were selected using systematic random sampling. Preliminary data analysis indicates that researchers...

  20. Representação e intervenção em saúde pública: vírus, mosquitos e especialistas da Fundação Rockefeller no Brasil

    Löwy Ilana

    1999-01-01

    Full Text Available As tentativas feitas pelos especialistas da Fundação Rockefeller de erradicar a febre amarela no Brasil foram prejudicadas pela baixa visibilidade desta patologia. Os casos eram, em sua maioria, atípicos e se confundiam facilmente com outras febres. Na década de 1920, os especialistas dependiam de observações clínicas para avaliar a incidência da febre amarela. Na década seguinte, porém, conceberam métodos indiretos para visualizar a presença de seu agente. A viscerotomia revelava a presença de casos agudos e o teste de proteção em camundongos, contatos passados com o vírus da doença. Conjuntamente, estes testes permitiram aos especialistas da Rockefeller confeccionar mapas indicando a presença de zonas de endemicidade da doença. Puderam, então, direcionar campanhas específicas contra a febre amarela baseadas na eliminação seletiva de seu vetor, o mosquito Aedes aegypti. Na saúde pública, tal como nas ciências, as práticas de representação modelam a intervenção.

  1. Genes, crianças e pediatras

    Esmeralda Martins

    2016-03-01

    Full Text Available Criança do sexo feminino, 8 anos de idade observada por dor referida à coxa esquerda durante o sono, com despertar, e claudicação da marcha. Sem história de traumatismo, febre, perda ponderal ou suores nocturnos.

  2. Cerambycidae (Coleoptera do Estado do Maranhão, Brasil. II

    Ubirajara Ribeiro Martins

    2009-01-01

    Full Text Available Nesta segunda contribuição à fauna dos Cerambycidae do Estado do Maranhão arrolam-se 123 espécies das quais 114 constituem novos registros. Novas espécies descritas em Cerambycinae: Ophtalmoplon similis (Hexoplonini, Gorybia bispinosa (Piezocerini, Aneuthetochorus punctatus, Minibidion bicolor (Ibidionini, Piezophidion thoracicum (Elaphidionini, Temnopis rubricollis (Oemini; em Lamiinae: Anobrium minimum (Pteropliini, Cacostola bimaculata, C. parafusca, Trestonia rugosicollis (Onciderini, Eupromerella maculosa, E. picturata, Nesozineus unicolor (Acanthoderini, Piruana pulchra (Desmiphorini, Pachypeza ferruginea (Hippopsini.This is the second contribution for the cerambycid fauna of Maranhão state, Brazil, which deals with 123 species of which 114 are new records for the state. New species described in Cerambycinae: Ophtalmoplon similis (Hexoplonini, Gorybia bispinosa (Piezocerini, Aneuthetochorus punctatus, Minibidion bicolor (Ibidionini, Piezophidion thoracicum (Elaphidionini, Temnopis rubricollis (Oemini; in Lamiinae: Anobrium minimum (Pteropliini, Cacostola bimaculata, C. parafusca, Trestonia rugosicollis (Onciderini, Eupromerella maculosa, E. picturata, Nesozineus unicolor (Acanthoderini, Piruana pulchra (Desmiphorini, Pachypeza ferruginea (Hippopsini.

  3. Comportamento dos antitérmicos ibuprofeno e dipirona em crianças febris

    Ana Maria Magni

    2011-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar o comportamento da temperatura em crianças febris medicadas com dose oral única do ibuprofeno (10 mg/kg, dose recomendada para febre alta, comparado à dipirona (15 mg/kg, dose preconizada pelo fabricante, após 2, 3, 4, 5, 6, 7 e 8 horas da medicação antitérmica. MÉTODOS: Ensaio clínico, aberto e randomizado (1:1, em crianças de ambos os sexos, com doenças febris, com idade entre 6 meses e 8 anos, temperatura axilar basal entre 38,0 e 40,3 °C, e divididas em dois grupos: febre alta (> 39,1 °C e febre baixa (38,0 a 39,1 °C. A análise do comportamento baseou-se nos critérios de descontinuidade, segurança, resposta ao tratamento, tolerabilidade e eficácia terapêutica. RESULTADOS: Das 80 crianças, 31 permaneceram afebris ao longo de 8 horas (38,8%, 100,0% obtiveram decréscimo da temperatura com ambas as medicações nas 2 primeiras horas. No grupo de febre alta, 11 crianças medicadas com ibuprofeno foram mantidas até a 5ª hora (100,0%, e 11 com dipirona até a 3ª hora (100,0%. A eficácia antipirética na febre alta foi estatisticamente significante a favor do ibuprofeno na 3ª e na 4ª hora, e, na febre baixa, na 3ª hora após a medicação. CONCLUSÕES: Este estudo demonstrou que, em dose oral única, o ibuprofeno proporciona atividade antipirética mais acentuada do que a dipirona, principalmente na febre alta. Ambas as medicações foram bem toleradas e seguras em curto prazo.

  4. Fluff-thieving birds sabotage seed dispersal

    Rohwer, Vanya G.; Pauw, Anton; Martin, Paul R.

    2017-01-01

    Characterizing many species interactions as mutualisms can be misleading because some members of the interaction derive greater fitness benefits at the expense of other members. We provide detailed natural history data on a suspected bird?plant mutualism in South Africa where many species of birds use fluffy Eriocephalus seed material to construct their nests, potentially dispersing seeds for the plant. We focus on a common bird, Prinia maculosa, which invests heavily in gathering Eriocephalu...

  5. Grassland invader responses to realistic changes in native species richness.

    Rinella, Matthew J; Pokorny, Monica L; Rekaya, Romdhane

    2007-09-01

    The importance of species richness for repelling exotic plant invasions varies from ecosystem to ecosystem. Thus, in order to prioritize conservation objectives, it is critical to identify those ecosystems where decreasing richness will most greatly magnify invasion risks. Our goal was to determine if invasion risks greatly increase in response to common reductions in grassland species richness. We imposed treatments that mimic management-induced reductions in grassland species richness (i.e., removal of shallow- and/or deep-rooted forbs and/or grasses and/or cryptogam layers). Then we introduced and monitored the performance of a notorious invasive species (i.e., Centaurea maculosa). We found that, on a per-gram-of-biomass basis, each resident plant group similarly suppressed invader growth. Hence, with respect to preventing C. maculosa invasions, maintaining overall productivity is probably more important than maintaining the productivity of particular plant groups or species. But at the sites we studied, all plant groups may be needed to maintain overall productivity because removing forbs decreased overall productivity in two of three years. Alternatively, removing forbs increased productivity in another year, and this led us to posit that removing forbs may inflate the temporal productivity variance as opposed to greatly affecting time-averaged productivity. In either case, overall productivity responses to single plant group removals were inconsistent and fairly modest, and only when all plant groups were removed did C. maculosa growth increase substantially over a no-removal treatment. As such, it seems that intense disturbances (e.g., prolonged drought, overgrazing) that deplete multiple plant groups may often be a prerequisite for C. maculosa invasion.

  6. A new species of Mud Snake (Serpentes, Homalopsidae, Gyiophis Murphy & Voris, 2014) from Myanmar with a first molecular phylogenetic assessment of the genus.

    Quah, Evan S H; Grismer, L Lee; Wood, Perry L Jr; Thura, Myint Kyaw; Zin, Thaw; Kyaw, Htet; Lwin, Ngwe; Grismer, Marta S; Murdoch, Matthew L

    2017-03-06

    A newly discovered species of homalopsid snake from the genus Gyiophis Murphy & Voris is described from the lowlands of Mawlamyine District in Mon state, southeastern Myanmar. Gyiophis salweenensis sp. nov. is presumed to be closely related to G. maculosa Blanford and G. vorisi Murphy based on the similarities in pholidosis and patterning but can be separated from G. maculosa by the shape of its first three dorsal scale rows that are square, ventral scale pattern that lacks a central spot, and a faint stripe on dorsal scale rows 1-4. It can be further distinguished from G. vorisi by its lower number of ventral scales (129 vs. 142-152), lower number of subcaudals (30/29 vs. 41-58), narrow rostral scale, and having more rows of spots on the dorsum (four vs. three). A preliminary molecular analysis using 1050 base pairs of cytochrome b (cytb) recovered G. salweenensis sp. nov. as the sister species to the Chinese Mud Snake (Myrrophis chinensis). G. maculosa and G. vorisi were unavailable for the analysis. The discovery of G. salweenensis sp. nov. highlights the need for more surveys into the herpetological diversity of eastern Myanmar which remains very much underestimated.

  7. Taxonomic notes of Hemixantha (Diptera: Richardiidae with description of a new species from the Amazon Region

    Lisiane Dilli Wentd

    2014-02-01

    Full Text Available Richardiidae is represented by ca. 180 species in 33 genera. A new species of Hemixantha, now totaling 20 species, is described from the Amazon Region, state of Pará, Brazil, and from Teoponte, Bolivia. Hemixantha maculosa sp. nov., H. picta Hennig, 1937 and H. pulchripennis Hendel, 1911 are richardiids known to have an extensively banded wing pattern. Hemixantha maculosa sp. nov. represents the first record of Hemixantha from the state of Pará and this species can be distinguished from H. picta and H. pulchripennis by anepisternum and dorsal half of anepimeron bright yellow and vein R2+3 slightly sinuous. Besides the hyaline areas on the wing of H. maculosa are very distinct from these other species, as follows: (1 subtrapezoidal median area in cell cua1 extended anteriorly to vein M1, separated from hyaline area in cell dm; (2 two oblique areas from costal margin almost to or beyond vein R4+5, one proximal to and one distal to level of crossvein r-m; (3 a circular area on basal part of cell r4+5 and (4 a triangular area on basal region of cell m1. An identification key, diagnoses, description and redescriptions, and illustrations to the species of Hemixantha with an extensively banded wing pattern are provided.

  8. Cullen e a introdução do termo "neurose" na medicina

    Mário Eduardo Costa Pereira

    2010-03-01

    Full Text Available O termo médico "neuroses" começa a ser empregado de forma técnica a partir de 1769, ano em que é publicada a primeira edição da célebre Synopsis Nosologiae Methodicae do médico escocês William Cullen (1710-1790. Tratava-se então, segundo um ordenamento classificatório inspirado na taxonomia de Lineu, da designação de uma classe de afecções gerais do sistema nervoso, não acompanhadas de febre e atingindo de forma privilegiada a sensibilidade e o movimento, reunindo quatro "ordens" específicas de fenômenos: os comas, as adinamias; as afecções espasmódicas sem febre e as vesânias, como a mania (loucura e a melancolia

  9. Meningoencefalite por herpesvírus bovino-5 Meningoencephalitis by bovine herpesvirus-5

    Daniel R. Rissi

    2007-07-01

    dentes, andar em círculos, cegueira, febre, movimentos de pedalagem, disfagia, dor abdominal, nistagmo, tremores, sialorréia, incoordenação, opistótono, pressão da cabeça contra objetos, quedas e convulsões. A evolução do quadro clínico pode variar de 1 a 15 dias. Achados de necropsia podem estar ausentes, mas normalmente se observa tumefação das porções rostrais do córtex telencefálico e achatamento das circunvoluções, com segmentos amarelados e amolecidos (malacia. Com a evolução da doença, essas áreas se tornam gelatinosas e acinzentadas, e em casos avançados ocorre o desaparecimento segmentar do córtex telencefálico frontal (lesão residual. Em muitos casos podem ser observados focos de malacia na substância cinzenta dos núcleos basais e do tálamo. Histologicamente observa-se meningoencefalite não-supurativa necrosante, principalmente no córtex telencefálico frontal, associada a inclusões intranucleares eosinofílicas em astrócitos e neurônios, embora a freqüência dessas inclusões seja irregular. O diagnóstico de meningoencefalite por BoHV-5 deve ser feito com base nos achados epidemiológicos, clínicos, de necropsia e histopatológicos, associados com o isolamento do vírus em cultivo celular células ou com detecção de antígenos virais em seções do encéfalo ou em células descamadas presentes nas secreções nasais. A identificação e caracterização de BoHV-5 pode ser realizada por meio de testes com anticorpos mono-clonais, reação em cadeia de polimerase (PCR e por análise de restrição genômica. Não há tratamento específico para a meningoencefalite por BoHV-5. Como o BoHV-1 e o BoHV-5 são antigenicamente muito semelhantes, recomenda-se a vacinação com vacinas para BoHV-1 como forma de reduzir as perdas causadas por BoHV-5, principalmente durante surtos de doença neurológica. Adicionalmente, outras medidas podem ser adotadas para prevenir ou reduzir os prejuízos ocasionados pela enfermidade, como

  10. Mujer de 39 a??os con cefalea intensa

    Santiago-D??az, Carlos; Zamora-Pasadas, M??nica; S??nchez-Bern??, Isabel; Jim??nez-Alonso, Juan

    2012-01-01

    Paciente de 39 a??os que acude a urgencias por presentar un cuadro de cefalea intensa, holocraneal, con foto y sonofobia intensas, acompa??ada de febr??cula. En la exploraci??n f??sica ??nicamente destacaban leves roncus en base de hemit??rax izquierdo. Las pruebas complementarias iniciales fueron normales. Tras un estudio exhaustivo y fundamentalmente una insistencia en la anamnesis por ??rganos y aparatos, finalmente se lleg?? al diagn??stico.

  11. Programa de computador para reconhecimento da larva de Aedes aegypti e Aedes albopictus

    São Thiago, André Iwersen de; Kupek, Emil; Ferreira Neto, Joaquim Alves; São Thiago, Paulo de Tarso

    2002-01-01

    Software for pattern recognition of the larvae of mosquitoes Aedes aegypti and Aedes albopictus, biological vectors of dengue and yellow fever, has been developed. Rapid field identification of larva using a digital camera linked to a laptop computer equipped with this software may greatly help prevention campaigns.Foi desenvolvido um programa de computador para reconhecimento da larva de Aedes aegypti e Aedes albopictus, vetores biológicos de dengue e febre amarela. O programa possibilita rá...

  12. Law No. 293 of 10 Jun. 1981 about utilization of the Danish underground

    1981-06-10

    The law provides the purposeful use and utilization of the Danish underground and its natural resources. The law applies to prospecting, exploration and recovery of resources which had not been economically utilized by private enterprise prior to 23 Febr. 1932. The underground can be utilized as storage place or for other purposes besides recovery. Recovery and research apply as well to the continental Danish shelf. Detailed rules to follow in underground exploration and utilization are precised.

  13. A evolução do conhecimento sobre as hepatites virais na região amazônica: da epidemiologia e etiologia à prevenção

    Gilberta Bensabath

    2004-01-01

    Full Text Available Desde os anos cinqüenta uma doença similar a febre amarela, porém considerada como nova doença, ocorre em áreas dos vales dos Rios Juruá, Purus e Madeira. Temida pelos residentes locais pela alta letalidade, sendo clinicamente uma hepato-encefalopatia de evolução fulminante (média de 5 a 6 dias. Dos que apresentam manifestações neurológicas 90% evoluem a óbito. A doença é popularmente conhecida como febre negra de Lábrea e pelos patologistas como hepatite de Lábrea pela histopatologia hepática mostrar o aspecto vacuolar dos hepatócitos, daí considerarem-na uma nova doença. Incide principalmente em crianças e adolescentes do sexo masculino. O achado do HBsAg e de marcadores de vírus da hepatite D no soro e fígado dos pacientes, levaram os pesquisadores a considerarem a febre negra de Lábrea como uma superinfecção ou coinfecção do HDV. Na falta de vacina específica contra o HDV, a vacinação contra hepatite B aplicada após o nascimento é a prevenção recomendada.

  14. Estudo comparativo da apresentação clínica da pneumonia a Legionella e outras pneumonias adquiridas na comuuidade

    Nieves Sopena

    1998-11-01

    Full Text Available RESUMO: A Legionella pneumophila (LP é considerada em muitos estudos como uma das três causas mais comuns de pneumonia adquirida na comunidade (2,4 e a segunda causa em termos de gravidade.O principal objectivo do presente estudo realizado no Hospital da Universidade Autónoma de Barcelona, foi comparar os diferentes aspectos clínicos, biológicos e radiológicos da Pneumonia a Legionella pneumophilla e das outras Pneumonias adquiridas oa comunidade (PAC, de modo a auxiliar o diagnóstico precoce da pneumonia a LP.Foi realizado um estudo prospectivo de 392 doentes com PAC. Procedeu-se à análise comparativa dos aspectos epidemiológicos (hospitalizações ou viagens recentes, residência próximo de escavações ou trabalhos de constrção, contacto com animais, aves, demográficos (idade e sexo, clinicos (febre, tosse, expectoração, toracalgia, dispneia, cefaleias, confusão mental, dor aboominal, náuseas, vómitos, diarreia, artromialgias, dias de evolução, antibioterapia prévia, patologiaassociada, analiticos (leucocitose, natrémia­Na, creatina Kinase-CK, aspartato aminotransferase­AST e radiológicos. Estes aspectos foram estudados em 48 doentes com PAC por LP e 125 doentes com PAC de outra etiologia (68 por Streptococcus pneumoniae, 41 por Clamydia pneumoniae, 5 por Mycoplasma pneumoniae, 4 por Coxiella burnetii, 3 por Pseudomonas aeruginosa, 2 por Haemophilus injluenzae e 2 por Nocardia.A análise unifactorial mostrou que a PAC por LP foi mais frequente hos doentes de meia idade, do sexo masculino, em saúde aparente, mas com hábitos alcoó1icos acentuados, relativamente aos doentes com PAC de outra etioçogia. Também a auseocia de resposta aos fármacos beta-lactamicos prévios, cefaleias, diarreia, hiponatrémia grave e a elevação dos níveis de creatina Kinase sérica (CK foram mais frequentes na PAC por LP, enquanto que a tosse, expectoração e a toracalgia., foram mais frequeotes na pneumonia bacteriana de outra

  15. The early days of pandemic (H1N1 2009 virus infection in the central region of Portugal

    V. Duque

    2010-11-01

    period for the for pandemic (H1N1 2009 virus infection was 2 days. The length of the clinical manifestations until the patients sough for medical observation had a median time of 2 days. All the cases were of mild to moderate severity. No deaths were observed. Conclusions: The early days of pandemic (H1N1 2009 virus infection were characterized by cases of disease of mild to moderate severity, in our region. Most affected patients were young adults, with the extreme ages of life being spared. An early diagnosis, strict isolation and treatment procedures could have slowed the spread of the infection. Resumo: Introdução: O primeiro caso de infecção pelo vírus da gripe pandémica (H1N1 2009, foi diagnosticado na região centro de Portugal no dia 16 de Junho de 2009, numa mulher infectada no Canadá. Métodos: O nosso estudo tem por objectivos, em primeiro lugar caracterizar os aspectos clínicos e epidemiológicos de todos os doentes que tiveram manifestações clínicas incluídas na definição de caso para investigação com amostras submetidas para diagnóstico da infecção pelo vírus da gripe pandémica (H1N1 2009; em segundo lugar, avaliar a precisão da definição de caso para investigação de acordo com a presença ou ausência de febre no momento da observação clínica. Efectuámos a revisão dos registos médicos de todos os doentes classificados como caso para investigação e analisaram-se os primeiros casos de doentes infectados com o novo vírus da gripe pandémica (H1N1 2009, diagnosticados na região centro de Portugal durante o período pandémico compreendido entre Junho e Agosto de 2009. Foi utilizado o método da reacção em cadeia da polimerase de retrotranscripção em tempo real para confirmação da infecção pelo vírus da gripe pandémica (H1N1 2009. A colheita de dados foi efectuada de forma padronizada em suporte de papel de acordo com as normas da Direcção Geral de Saúde. Resultados e discussão: A infecção pelo vírus da gripe

  16. Os dias iniciais da infecção pelo vírus da gripe pandémica (H1N1 2009 na região centro de Portugal

    V. Duque

    2010-11-01

    Full Text Available Resumo: Introdução: O primeiro caso de infecção pelo vírus da gripe pandémica (H1N1 2009 foi diagnosticado na região centro de Portugal no dia 16 de Junho de 2009, numa mulher infectada no Canadá. Métodos: O nosso estudo tem por objectivos, em primeiro lugar caracterizar os aspectos clínicos e epidemiológicos de todos os doentes que tiveram manifestações clínicas incluídas na definição de caso para investigação com amostras submetidas para diagnóstico da infecção pelo vírus da gripe pandémica (H1N1 2009; em segundo lugar, avaliar a precisão da definição de caso para investigação de acordo com a presença ou ausência de febre no momento da observação clinica. Efectuámos a revisão dos registos médicos de todos os doentes classificados como caso para investigação e analisaram-se os primeiros casos de doentes infectados com o novo vírus da gripe pandémica (H1N1 2009, diagnosticados na região centro de Portugal durante o período pandémico compreendido entre Junho e Agosto de 2009.Foi utilizado o método da reacção em cadeia da polimerase de retrotranscripção em tempo real para confirmação da infecção pelo vírus da gripe pandémica (H1N1 2009. A colheita de dados foi efectuada de forma padronizada em suporte de papel de acordo com as normas da Direcçào Geral de Saúde. Resultados e discussão: A infecção pelo vírus da gripe pandémica (H1N1 2009 foi confirmada laboratorialmente em 255 casos. A idade média foi de 23 anos e 42,7 % foram incluídos na categoria dos 20 aos 29 anos. A infecção em doentes com menos de 2 anos ou mais de 50 anos foi um acontecimiento raro. Os primeiros casos foram importados da Europa: Franca, Espanha e Inglaterra. Numa segunda fase, a infecção foi adquirida no sul de Portugal (Algarve. A taxa de incidência de infecção pelo vírus da gripe pandémica (H1N1 2009 foi de 10,7 por 100 000 pessoas e foi diferente consoante o distrito. Foi mais elevado no distrito de

  17. Maternal Lipid Provisioning Mirrors Evolution of Reproductive Strategies in Direct-Developing Whelks.

    Carrasco, Sergio A; Phillips, Nicole E; Sewell, Mary A

    2016-06-01

    The energetic input that offspring receive from their mothers is a well-studied maternal effect that can influence the evolution of life histories. Using the offspring of three sympatric whelks: Cominella virgata (one embryo per capsule); Cominella maculosa (multiple embryos per capsule); and Haustrum scobina (multiple embryos per capsule and nurse-embryo consumption), we examined how contrasting reproductive strategies mediate inter- and intraspecific differences in hatchling provisioning. Total lipid content (as measured in μg hatchling(-1) ± SE) was unrelated to size among the 3 species; the hatchlings of H. scobina were the smallest but had the highest lipid content (33.8 ± 8.1 μg hatchling(-1)). In offspring of C. maculosa, lipid content was 6.6 ± 0.4 μg hatchling(-1), and in offspring of C. virgata, it was 21.7 ± 3.2 μg hatchling(-1) The multi-encapsulated hatchlings of C. maculosa and H. scobina were the only species that contained the energetic lipids, wax ester (WE) and methyl ester (ME). However, the overall composition of energetic lipid between hatchlings of the two Cominella species reflected strong affinities of taxonomy, suggesting a phylogenetic evolution of the non-adelphophagic development strategy. Inter- and intracapsular variability in sibling provisioning was highest in H. scobina, a finding that implies less control of allocation to individual hatchlings in this adelphophagic developer. We suggest that interspecific variability of lipids offers a useful approach to understanding the evolution of maternal provisioning in direct-developing species. © 2016 Marine Biological Laboratory.

  18. Estudo da ocorrência de salmonelas em ingredientes, rações e suabes de pó colhidos em uma fábrica industrial de ração

    Ricardo Albuquerque

    1999-01-01

    Full Text Available Durante um ano de colheita em uma fábrica comercial de ração, foram examinadas para a presença de Salmonella spp. 136 amostras de ingredientes de rações, 43 amostras de rações prontas e 110 amostras de suabes de pó. Apenas com o uso dos suabes é que não se conseguiu o isolamento. Entre os ingredientes examinados, encontrou-se salmonela em 19,85% das amostras, sendo que os subprodutos de origem animal foram mais fortemente contaminados, tendo propiciado 50% de percentual de isolamento; para os derivados lácteos, obtiveram-se 7,5%; e para outras matérias-primas, 12,5%. Foi obtido 4,65% de positividade para as rações examinadas.

  19. Maculosin, a host-specific phytotoxin for spotted knapweed from Alternaria alternata

    Stierle, Andrea C.; Cardellina, John H.; Strobel, Gary A.

    1988-01-01

    Several diketopiperazines have been isolated from liquid cultures of Alternaria alternata, the causal agent of black leaf blight of spotted knapweed, Centaurea maculosa Lam. One of these compounds, maculosin [the diketopiperazine cyclo(-L-Pro-L-Tyr-)], was active in the nicked-leaf bioassay at 10-5 M; synthetic maculosin possessed chemical and biological activities identical to those of the natural product. Other diketopiperazines isolated from the fungus possessed either less activity or none at all. In tests against 19 plant species, maculosin was phytotoxic only to spotted knapweed. Thus maculosin is a host-specific phytotoxin from a weed pathogen. PMID:16593989

  20. Natural occurrence of baculoviruses in populations of some Heliconiini (Lepidoptera; Nymphalidae with symptomatological notes

    G. F. S. Andrade

    1983-01-01

    Full Text Available Natural occurrence of nuclear polyhedrosis viruses were detected in populations of some Heliconiini in the field as well as in the laboratory. The epizootics appeared under field conditions in populations of Dione juno juno, D. moneta and Agraulis vanillae maculosa. In the laboratory, however, larvae of Heliconius numata mirus, H. hecale vetustus and H. erato phyllis in addition to two hybrids and Eueides Isabella dianasa, all suffered the same disease. The effect of several factors which might contribute to the occurrence of the disease are discussed. Symptoms, histopathology and description of viral particles and polyhedra are given.

  1. Sphero-echinocytosis of human red blood cells caused by snake, red-back spider, bee and blue-ringed octopus venoms and its inhibition by snake sera.

    Flachsenberger, W; Leigh, C M; Mirtschin, P J

    1995-06-01

    It was found that bee (Apis mellifera) venom, red-back spider (Latrodectus mactans) venom, blue-ringed octopus (Hapalochlaena maculosa) venom, ten different snake venoms, phospholipase A2 and four snake toxins caused sphero-echinocytosis of human red blood cells at 200 ng/ml. Most venoms and toxins lost the ability to deform human red blood cells when their components of less than mol. wt 10,000 were applied. In a number of cases the sphero-echinocytotic effect was also inhibited by blood sera of Notechis scutatus and Pseudonaja textilis.

  2. Educazione all'igiene orale ed eradicazione della carie dentale nellíinfanzia. Risultati finali di uno studio in un campione di popolazione infantile di Ferrara

    M. Bergamini; P. Simioli; A. Stefanati; A. Grilli; P. Gregorio

    2003-01-01

    Introduzione: poichè nel 1985 l’O.M.S. collocò l’eradicazione della carie infantile fra gli obiettivi epidemiologici da raggiungere nella regione europea entro l’anno 2000, è stato effettuato uno screening microbiologico finalizzato all’isolamento di germi cariogeni nel cavo orale dei bambini.

    Materiali e metodi: secondo le procedure correnti, sono stati eseguiti tamponi gengivo-coronali in 476 bambini delle ...

  3. Substâncias isoladas das folhas de Bauhinia microstachya (Raddi Macbr. (Caesalpiniaceae

    E.M. Bianco

    Full Text Available Neste trabalho é relatado o isolamento de três substâncias das folhas de Bauhinia microstachya (Raddi Macbr., Caesalpiniaceae, incluindo dois constituintes isolados pela primeira vez nesta espécie, a vitexina e o hidrocarboneto hexatriacontano. As estruturas desses compostos foram estabelecidas através de estudos de RMN- 1H 1D, 2D e EM.

  4. O síndrome de Diógenes

    Ramirez, N; Gois, J

    2006-01-01

    O Síndrome de Diógenes é caracterizado por uma grave incapacidade para os cuidados e higiene pessoal, isolamento social marcado, acumulação de objectos inúteis, falta de pudor e recusa de ajuda. Pode ser desencadeado por acontecimentos vitais stressantes e é também denominado Síndroma de Esqualidez Senil. A maioria dos doentes com este Síndrome vivem sozinhos. Um caso típico é apresentado.

  5. Experiência de mães em ter um filho diagnosticado e hospitalizado pelo vírus Influenza A (H1N1

    Fernanda Ribeiro Baptista Marques

    2014-04-01

    Full Text Available O objetivo foi compreender a experiência de ter um filho internado por Influenza A (H1N1. Estudo de abordagem qualitativa realizado com cinco mães de crianças residentes em Maringá-PR, hospitalizadas com este diagnóstico, nos anos de 2009 e 2010. Os dados foram coletados nos domicílios, por meio de entrevista semiestruturada e submetidos à análise de conteúdo temática. O diagnóstico e a necessidade de isolamento causaram grande impacto nas famílias, desencadeando incertezas em relação ao futuro das crianças. As mães apontaram a falta de informação relacionada à doença e ao isolamento como fonte de insegurança e dificuldades no seguimento das rotinas hospitalares e, inclusive, no relacionamento familiar. Há necessidade que os profissionais de enfermagem compreendam ser este um momento difícil para a família, em especial para a mãe, sendo necessário procurar meios para minimizar seus efeitos. O vínculo e a oferta de informações podem facilitar o processo de internação/isolamento da criança.

  6. Rendimento dos meios seletivos para bactérias do gênero Fusobacterium

    Wilson C. de Araújo

    1968-10-01

    Full Text Available Meios seletivos para Fusobacterium foram, comparados no aspecto de sua eficiência no isolamento dos microrganismos fusiformes e quanto à inibição da flora concomitante. Material não calcificado do sulco gengival foi homogeneizado e diluído em tampão de fosfato (0,067 M - pH 7,2; 0,1 ml foi semeado em agar sangue, no meio de Omata & Disraely, meio de Omata & Disraely sem sôro, meio de McMarthy & Snyder, agar sangue com vancomicina, meio de Onisi, meio de Onisi com sôro de cavalo e meio de Onisi com pH 7,0. Em todos os casos a incubação foi realizada em anaerobiose, em jarra tipo Brewer, com 95% nitrogênio e 5% gás carbônico, durante 4 dias. O meio de McCarthy & Snyder mostrou-se tão eficiente quanto o agar sangue em relação ao isolamento de Fusobacterium, ainda inibindo a flora concomitante, o meio de Omata & Disraely, com cristal violeta e estreptomicina, foi de certo modo inibidor também para Fusobacterium. O meio de Onisi, sugerido, sem sôro, possibilitou o isolamento de pequeno número de fusobactérias, provàvelmente as amostras não exigentes de proteínas naturais.

  7. Comparison of the chemical composition of three species of smartweed (genus Persicaria) with a focus on drimane sesquiterpenoids.

    Prota, N; Mumm, R; Bouwmeester, H J; Jongsma, M A

    2014-12-01

    The genus Persicaria is known to include species accumulating drimane sesquiterpenoids, but a comparative analysis highlighting the compositional differences has not been done. In this study, the secondary metabolites of both flowers and leaves of Persicariahydropiper, Persicariamaculosa and Persicariaminor, three species which occur in the same habitat, were compared. Using gas chromatography-mass spectrometry (GC-MS) analysis of extracts, overall 21/29 identified compounds in extracts were sesquiterpenoids and 5/29 were drimanes. Polygodial was detected in all species, though not in every sample of P. maculosa. On average, P. hydropiper flowers contained about 6.2 mg g FW(-1) of polygodial, but P. minor flowers had 200-fold, and P. maculosa 100,000 fold lower concentrations. Comparatively, also other sesquiterpenes were much lower in those species, suggesting the fitness benefit to depend on either investing a lot or not at all in terpenoid-based secondary defences. For P. hydropiper, effects of flower and leaf development and headspace volatiles were analysed as well. The flower stage immediately after fertilisation was the one with the highest content of drimane sesquiterpenoids and leaves contained about 10-fold less of these compounds compared to flowers. The headspace of P. hydropiper contained 8 compounds: one monoterpene, one alkyl aldehyde and six sesquiterpenes, but none were drimanes. The potential ecological significance of the presence or absence of drimane sesquiterpenoids and other metabolites for these plant species are discussed. Copyright © 2014 Elsevier Ltd. All rights reserved.

  8. Notas e novas espécies de Onciderini (Coleoptera, Cerambycidae, Lamiinae

    Ubirajara R. Martins

    2007-01-01

    Full Text Available Novas espécies descritas do Brasil: Hypsioma carioca sp. nov. (Rio de Janeiro e Hesychotypa maraba sp. nov. (Pará; do Equador: Sternycha ecuatoriana sp. nov. (Pichincha; da Bolívia (Santa Cruz: Hesychotypa magnifica sp. nov., Tibiosioma maculosa sp. nov. e Alexera secunda sp. nov. Transfere-se Hesycha strandi (Breuning, 1943 para o gênero Cacostola Fairmaire & Germain, 1859. Hesychotypa archippa Dillon & Dillon, 1946 é considerada sinônima de H. miniata Thomson, 1868. Novo registro (Trinidad e figura são dados para Trachysomus surdus.Notes and new species of Onciderini (Coleoptera, Cerambycidae, Lamiinae. New species described from Brazil: Hypsioma carioca sp. nov. (Rio de Janeiro and Hesychotypa maraba sp. nov. (Pará; from Ecuador: Sternycha ecuatoriana sp. nov. (Pichincha; from Bolivia (Santa Cruz: Hesychotypa magnifica sp. nov., Tibiosioma maculosa sp. nov. and Alexera secunda sp. nov. Hesycha strandi (Breuning, 1943 is transferred to the genus Cacostola Fairmaire & Germain, 1859. Hesychotypa archippa Dillon & Dillon, 1946 is considered a synonym of H. miniata Thomson, 1868. New record (Trinidad and figure for Trachysomus surdus Dillon & Dillon, 1946 are given.

  9. Vacinação em pacientes com diabetes mellitus na atenção primária à saúde: cobertura e fatores associados

    Clarissa Cordeiro Alves Arrelias

    2018-04-01

    Full Text Available RESUMO Objetivo Analisar a cobertura vacinal de pacientes com diabetes mellitus para as vacinas recomendadas pelo Programa Nacional de Imunizações e as variáveis associadas. Método Estudo transversal, com 255 pacientes de unidade básica de saúde, da região sudeste do Brasil, realizado em 2015. Utilizou-se o Sistema Informatizado de Gestão em Saúde para identificação da vacinação contra influenza, pneumococo, hepatite B, febre amarela, sarampo/caxumba/rubéola e difteria/tétano. Realizou-se análise estatística multivariada. Resultados 78,8% foram vacinados contra febre amarela, 65,5% contra difteria/tétano, 27,8% contra pneumococo, 27,5% contra hepatite B, 14,9% contra sarampo/caxumba/rubéola e 14,5% contra influenza. Encontrou-se associação entre sexo feminino e vacinação contra hepatite B, febre amarela e difteria/tétano; maior nível de escolaridade e vacinação contra hepatite B, e menor mediana de idade e vacinação contra sarampo/caxumba/rubéola. Conclusão A cobertura vacinal, em geral, foi baixa. Fatores como sexo, idade e escolaridade devem ser considerados nas recomendações de vacinas e na proposição de estratégias de imunização.

  10. Padronização de sistemas de dupla amplificação para a detecção de DNA de Bartonella henselae em casos suspeitos de Bartonelose humana

    Karina Hatamoto Kawasato

    2009-01-01

    Bartoneloses são infecções causadas por Bartonella spp e constituem zoonoses de importância crescente devido à gravidade da infecção em pacientes imunodeficientes. Existem muitas síndromes clínicas associadas às bartoneloses, desde quadros típicos de doença da arranhadura do gato até lesões cutâneas linfoproliferativas (angiomatose bacilar), ou granulomatosas em órgãos (peliose bacilar), passando por quadros neurológicos, oculares, endocardites e febre prolongada. O diagnóstico laboratorial d...

  11. Efeito da penicilina G a cada três semanas sobre o surgimento de Streptococcus viridans resistentes à penicilina na microflora oral

    André Andrade de Aguiar

    2012-05-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Penicilina G benzatina a cada 3 semanas é o protocolo padrão para a profilaxia secundária para febre reumática recorrente. OBJETIVO: Avaliar o efeito da penicilina G benzatina em Streptococcus sanguinis e Streptococcus oralis em pacientes com doença valvular cardíaca, devido à febre reumática com recebimento de profilaxia secundária. MÉTODOS: Estreptococos orais foram avaliados antes (momento basal e após 7 dias (7º dia iniciando-se com penicilina G benzatina em 100 pacientes que receberam profilaxia secundária da febre reumática. Amostras de saliva foram avaliadas para verificar a contagem de colônias e presença de S. sanguinis e S. oralis. Amostras de saliva estimulada pela mastigação foram serialmente diluídas e semeadas em placas sobre agar-sangue de ovelhas seletivo e não seletivo a 5% contendo penicilina G. A identificação da espécie foi realizada com testes bioquímicos convencionais. Concentrações inibitórias mínimas foram determinadas com o Etest. RESULTADOS: Não foram encontradas diferenças estatísticas da presença de S. sanguinis comparando-se o momento basal e o 7º dia (p = 0,62. No entanto, o número existente de culturas positivas de S. oralis no 7º dia após a Penicilina G benzatina apresentou um aumento significativo em relação ao valor basal (p = 0,04. Não houve diferença estatística existente entre o momento basal e o 7º dia sobre o número de S. sanguinis ou S. oralis UFC/mL e concentrações inibitórias medianas. CONCLUSÃO: O presente estudo mostrou que a Penicilina G benzatina a cada 3 semanas não alterou a colonização por S. sanguinis, mas aumentou a colonização de S. oralis no 7º dia de administração. Portanto, a susceptibilidade do Streptococcus sanguinis e Streptococcus oralis à penicilina G não foi modificada durante a rotina de profilaxia secundária da febre reumática utilizando a penicilina G. (Arq Bras Cardiol. 2012; [online].ahead print, PP.0-0

  12. PESQUISA DE HEMOGLOBINOPATIAS E TALASSEMIAS EM PACIENTES PORTADORES DE LÚPUS ERITEMATOSO SISTÊMICO.

    Castro, Frank Sousa

    2005-01-01

    13 O Lúpus Eritematoso Sistêmico é uma doença tipicamente multigênica e multifatorial, com grande complexidade clínica e fisiopatológica. As causas do LES não são totalmente conhecidas, mas sabe-se que fatores ambientais e genéticos estão envolvidos. As manifestações clínicas observadas em pacientes acometidos pelo LES são diversificadas como fadiga, mal-estar, emagrecimento, artrite, febre, nefrite, vasculite e anemias. Dentre as várias manifestações clínicas observadas ...

  13. Comportamento do Usuário em Relação ao Descarte e Reciclagem de Aparelhos Celulares no Estado de São Paulo

    Koga, Guilherme Akio; Maccari, Emerson Antonio; kniess, Claudia Terezinha; Ruiz, Mauro Silva

    2014-01-01

    Com a privatização do Sistema Telebras em 1998 e com o desenvolvimento constante de novas tecnologias, os aparelhos celulares tornaram-se uma febre de consumo no Brasil, atingindo a importante marca de 100% de densidade em 2010, ou seja, mais de 190 milhões de aparelhos em utilização no mercado nacional. Porém, cabe questionar qual o destino dado para esses aparelhos ao final de sua vida útil. Nesse contexto, o objetivo principal deste trabalho é não só avaliar o comportamento do usuário do e...

  14. Caracterização farmacognóstica de Capraria biflora L. e estudo biológico e físico-químico de seus metabotólitos secundários

    Mendonça de Aquino, Thiago

    2003-01-01

    Capraria biflora L. é uma espécie pertencente à família Scrophulariaceae, originária das Antilhas e América do Sul, sendo amplamente distribuída no continente americano. Dentre os usos populares, C. biflora L. pode ser utilizada contra dores no estômago, febres, gonorréia, como diurética, calmante e para o tratamento de problemas urinários. Dentre os constituintes químicos, pode-se isolar a biflorina, iridóides glicosídeos e sesquiterpenos. Os objetivos deste trabalho foram: re...

  15. Pulmonary coccidioidomycosis in a armadillo hunter

    COSTA, FABRÍCIO ANDRÉ MARTINS DA; REIS, RICARDO COELHO; BENEVIDES, FÁBIO; TOMÉ, GERALDO DE SOUSA; HOLANDA, MARCELO ALCÂNTARA

    2001-01-01

    A coccidioidomicose, uma doença fúngica adquirida através da inalação do agente Coccidioides immitis sob forma de artroconídio, vem sendo descrita desde 1892. Restringe-se principalmente a áreas de clima árido, solo alcalino e regiões de baixo índice pluviométrico. Não por acaso, a maioria dos casos descritos no Brasil ocorreu na região Nordeste. Relata-se o caso de um homem de 19 anos, imunocompetente, com queixa de dor pleural bilateral, febre, adinamia e tosse seca havia dois meses. A radi...

  16. Integración del uso de suelos y transporte para avanzar hacia la sostenibilidad de Guayaquil.

    Luis Alberto Proaño Sánchez; Fernando Xavier Proaño Sánchez; Francisco José Cedeño Morán

    2016-01-01

    El objetivo de la presente propuesta de investigación es demostrar que a través de una estrategia integrada de ordenamiento del territorio y transporte, mediante la rehabilitación y redesarrollo de la Parroquias Febres Cordero y Letamendi, se puede liberar a Guayaquil de las patologías ocasionadas por el transporte y crear un hábitat más saludable y socialmente integrado, con beneficios económicos para la ciudad y los inversionistas inmobiliarios. Para demostrar la hipótesis de estudio,...

  17. Area Handbook Series: Venezuela; A Country Study

    1990-12-01

    crept down to B43 - US$1. In a related matter, the Currency Exchange Office (R6gimen de Cambio de Dinero-Recadi), the organization that oversaw the...Febres, Carlos Eduardo. "Religi6n y Comportamiento Politico de la Clase Obrera en Caracas," Revista de la Facultad de Ciencias Jurzdicasy Politicas...Mendoza, 1962. Villamrnzar, Thania. " Proceso de represi6n alas prncticas migico- religiosas en M6rida," Boletin Antropolgico [M~rida, Venezue- la), No. 11

  18. Vacinação em pacientes com diabetes mellitus na atenção primária à saúde: cobertura e fatores associados

    Arrelias, Clarissa Cordeiro Alves; Bellissimo-Rodrigues, Fernando; Lima, Letícia Cristina Lourenço de; Rodrigues, Flávia Fernanda Luchetti; Teixeira, Carla Regina de Sousa; Zanetti, Maria Lucia

    2018-01-01

    RESUMO Objetivo Analisar a cobertura vacinal de pacientes com diabetes mellitus para as vacinas recomendadas pelo Programa Nacional de Imunizações e as variáveis associadas. Método Estudo transversal, com 255 pacientes de unidade básica de saúde, da região sudeste do Brasil, realizado em 2015. Utilizou-se o Sistema Informatizado de Gestão em Saúde para identificação da vacinação contra influenza, pneumococo, hepatite B, febre amarela, sarampo/caxumba/rubéola e difteria/tétano. Realizou-se...

  19. Aspectos entomológicos e epidemiológicos das epidemias de dengue em Fortaleza, Ceará, 2001-2012

    Oliveira, Rhaquel de Morais Alves Barbosa; Araújo, Fernanda Montenegro de Carvalho; Cavalcanti, Luciano Pamplona de Góes

    2018-01-01

    Resumo Objetivo: descrever os aspectos entomológicos e epidemiológicos das epidemias de dengue ocorridas em Fortaleza, Ceará, Brasil, de 2001 a 2012. Métodos: estudo descritivo com dados dos Sistemas de Informação de Agravos de Notificação (Sinan), de Informações Hospitalares (SIH), do Programa de Febre Amarela e Dengue (2001-2009), do Programa Nacional de Controle da Dengue (2010-2012) e Levantamento Rápido do Índice de Infestação de Aedes aegypti, referentes aos anos quando a incidência...

  20. Ecuador 1980-1990: crisis, ajuste y cambio de régimen de desarrollo

    Julio Oleas-Montalvo

    2017-01-01

    En la década de 1980 terminó la industrialización dirigida por el Estado, comenzaron las reformas de mercado y cambió la forma de gestionar la política económica. En Ecuador los gobiernos de los presidentes Osvaldo Hurtado (1981-1984), León Febres Cordero (1984-1988), Rodrigo Borja (1988-1992) y la influencia del FMI promovieron este cambio adaptativo al régimen económico alentado por las emergentes doctrinas neoconservadoras de la época. Se estudian las cartas de intención remitidas al FMI y...

  1. Abdomen agudo ocasionado por apendicitis aguda de probable origen tuberculoso. Informe de un caso

    Montiel-Jarquín, Álvaro José; Alvarado-Ortega, Iván; Romero-Figueroa, María del Socorro; Rodríguez-Pérez, Fabiola; Rodríguez-Lima, Felipe; Loria-Castellanos, Jorge

    2017-01-01

    RESUMEN Antecedentes: la apendicitis aguda tuberculosa es una enfermedad rara, constituye de 0,001 % a 0,01 % de las formas clínicas de tuberculosis. Se presenta un caso de apendicitis aguda probablemente tuberculosa como causa de abdomen agudo quirúrgico. Caso clínico: hombre de 29 años con cuadro de dolor abdominal leve a moderado que se intensificó y localizó en el hemiabdomen derecho, claudicación, febrícula, vómito, mal estado general, leucocitosis de 11 300/µL y neutrofilia de 91 %....

  2. Glomeruloesclerose segmentar e focal (GESF) colapsante associada ao parvovírus B19: relato de caso

    Freitas, Geraldo Rubens Ramos de; Praxedes, Marcel Rodrigues Gurgel; Malheiros, Denise; Testagrossa, Leonardo; Dias, Cristiane Bitencourt; Woronik, Viktoria

    2015-01-01

    Objetivo: Descrever quadro clínico-laboratorial de glomeruloesclerose segmentar e focal (GESF) subtipo colapsante em associação com infecção por parvovírus B19 (PVB19). Relato do caso: Paciente feminino, 37 anos, parda, iniciou quadro de faringoalgia e febre aferida com melhora parcial após penicilina. Com uma semana, observou redução de débito urinário e edema de membros inferiores. Tabagista, com histórico familiar e pessoal negativos para hipertensão, diabetes ou nefropatias. À admissão, a...

  3. Two additions to the Jacea-Lepteranthus complex: parallel adaptation in the enigmatic species Centaurea subtilis and C. exarata

    Hilpold, A.

    2009-12-01

    Full Text Available Centaurea subtilis from south east Italy and C. exarata from south west Iberia were classified in the Acrolophus- Phalolepis group and therein in section Maculosae. A molecular survey based on ITS sequence data indicates that both species should rather be placed in the Jacea-Lepteranthus group instead. This placement is consistent with the chromosome number of the two species, which is x = 11 like the rest of species of the Jacea-Lepteranthus group, and differs from the x = 9 of the other taxa included in sect. Maculosae. These results confi rm previous suggestions on the unnaturality of sect. Maculosae. Centaurea exarata and C. subtilis are quite different from the other species of Jacea-Lepteranthus in some striking morphological characters, which we hypothesize to be the result of parallel adaptation to dryer climates. The lack of competitors for pollination might be a good explanation for the partial or even total loss of showy flowers in these two species.

    [es] Centaurea subtilis del sureste de Italia y C. exarata del suroeste de la Península Ibérica fueron clasificadas anteriormente en el grupo Acrolophus-Phalolepis y dentro de él en la sect. Maculosae. Una revisión molecular basada en secuencias de la región ITS indica que ambas deberían clasificarse en el grupo Jacea-Lepteranthus. Este cambio es coherente con el número cromosómico de las dos especies, que tienen x = 11 como el resto de las especies del grupo Jacea-Lepteranthus y no x = 9 como las especies del grupo Acrolophus-Phalolepis. Estos resultados confirman advertencias anteriores sobre el carácter artificial de la sect. Maculosae. Centaurea exarata y C. subtilis son bastante diferentes de las otras especies de Jacea-Lepteranthus en algunos caracteres morfológicos importantes, resultado, según nuestra hipótesis, de adaptaciones a

  4. Ocorrência de Mollicutes e Ureaplasma spp. em surto de doença reprodutiva em rebanho bovino no Estado da Paraíba

    Sandra B. dos Santos

    2013-03-01

    Full Text Available Em março de 2012 foi diagnosticado um surto de doença reprodutiva em rebanho bovino no Estado da Paraíba, Brasil. Foram examinadas 32 vacas e dois touros da raça Girolando. As vacas apresentaram sinais de doença reprodutiva como repetição de cio, vulvovaginite granular, infertilidade e abortos. As amostras de suabes vaginais e prepuciais foram colhidas e submetidas a isolamento bacteriano e PCR. As reações da PCR para Mollicutes e Ureaplasma spp. foram realizadas com os iniciadores MGSO-GPO3 e UGP'F-UGP'R, respectivamente. Na Nested PCR para Ureaplasma diversum, os iniciadores usados foram UD1, UD2, UD3 e UD4. Para isolamento bacteriano, as amostras foram diluídas de 10-1 até 10-5, semeadas em meio "UB", líquido e placa, sendo incubadas por até 21 dias a 37ºC em jarra de microaerofilia. A frequência de Mollicutes detectada na PCR foi de 65,6% e para Ureaplasma spp. foi de 50,0%, enquanto que para U. diversum foi de 15,6%. No isolamento a frequência de Mollicutes foi de 57,1% e para Ureaplasma spp. foi de 28,6%. No ágar "UB" foi visualizado o crescimento misto de Mycoplasma spp. e Ureaplasma spp. em seis amostras. Foi confirmado o envolvimento de micro-organismos da Classe Mollicutes em surto de doença reprodutiva em vacas no sertão paraibano.

  5. Estudo fitoqu?mico e biol?gico de guatteria citriodora ducke

    Rabelo, Diego de Moura

    2008-01-01

    A Guatteria citriodora Ducke ? uma esp?cie amaz?nica da fam?lia Annonaceae, conhecida popularmente como envira-amarela ou laranjinha, a qual ocorre em floresta pluvial de terra firme com distribui??o nos estados do Amazonas e Par?, bem como nas Guianas, Suriname, Bol?via, Equador, Col?mbia, Peru e Venezuela. O estudo fitoqu?mico da casca do caule dessa planta resultou no isolamento de tr?s alcal?ides oxoaporf?nicos, O-metilmoshatolina, liriodenina e oxoputerina, essas subst?ncias foram previa...

  6. Brucella canis: inquéritos sorológico e bacteriológico em população felina Brucella canis: serological and bacteriological surveys in the feline population

    Maria Helena Matiko Akao Larsson

    1984-02-01

    Full Text Available De 134 soros de felinos domésticos examinados pela prova de soroaglutinação lenta em tubos, 4 (3% foram positivos para Brucella canis, todos com título igual a 100. Não se obteve êxito na tentativa de isolamento de Brucella canis através de hemocultura desses animais.Of the 134 feline sera tested by tube agglutination test, 4 (3% were positive for Brucella canis antibodies, all with titer 100. It was not possible to isolate Brucella canis by blood culture in the case of these animals.

  7. Malignant edema in swine

    Pinto, Flávia Ferreira; Assis, Ronnie Antunes de; Lobato, Francisco Carlos Faria; Vargas, Agueda Castagna de; Barros, Ricardo Rocha; Gonçalves, Luciana Aramuni

    2005-01-01

    Edema maligno em suíno é uma infecção fatal da musculatura esquelética e tecido subcutâneo de ruminantes e outras espécies animais, causada principalmente por Clostridium septicum, embora possa ocorrer em associação com Clostridium chauvoei, Clostridium sordellii, Clostridium novyi tipo A e Clostridium perfringens tipo A. O diagnóstico efetivo do edema maligno deve levar em consideração, além dos dados clínicos e lesões de necropsia, os achados microscópicos, isolamento do agente, imunofluore...

  8. Isolados e ilhados: indigenismo e conflitos no Vale do Javari, Amazônia = Isolated and islanders: indigenism and conflict in the Vale do Javari Indigenous Territory, Amazon = Aislados e isleños: indígenismo y conflicto en la tierra Indígena Vale do Javari, Amazonía

    Arisi, Bárbara; Milanez, Felipe

    2017-01-01

    Nesse artigo, pretendemos mostrar como um certo ideal de índio permeia as utopias indigenistas do Estado brasileiro e como a política de isolamento, influenciada por esses ideais, apresenta suas idiossincrasias e contradições. Apresentamos um estudo sobre os conflitos recentes na Terra Indígena Vale do Javari (AM) que levaram à morte violenta de índios Korubo e Matis, considerados pelo governo respectivamente como “isolados” e de “recente contato”. Analisamos a história do conflito a partir d...

  9. OS MECANISMOS DE DEFESA PRESENTES NA NEUROSE OBSESSIVA: UM OLHAR SOBRE A FORMAÇÃO SINTOMÁTICA.

    Henrique Guilherme Scatolin

    2014-01-01

    Este artigo pretende enfocar os principais mecanismos de defesa presentes na neurose obsessiva, tais como o deslocamento, a formação reativa, o isolamento e a anulação. Para desenvolver tal discussão, parte de uma releitura das obras pré-psicanalíticas até Inibições, Sintomas e Ansiedade de 1926, enfocando nesta a compreensão freudiana da formação do sintoma obsessivo e dos seus principais mecanismos de defesa. Conclui que, para uma melhor compreensão da etiologia sintomática nesta neu...

  10. Purificação de RNA por cromatografia de afinidade com histidina imobilizada

    Martins, Ana Rita Nunes

    2009-01-01

    O recente desenvolvimento da terapia génica surge como uma nova abordagem para o potencial tratamento de doenças consideradas incuráveis. Apesar destas estratégias se terem iniciado com DNA, investigações recentes tem avaliado o potencial interesse terapêutico do RNA. No entanto, os protocolos disponível para o isolamento do RNA são limitados, morosos e requerem o uso de solventes tóxicos, o que tornam estes procedimentos inadequados para recuperar o produto a ser biologicamente aplicado. ...

  11. Ambientes terrestres da ilha da Trindade, Atlântico Sul: Caracterização do solo e do meio físico como subsídio para criação de uma Unidade de Conservação

    Clemente, Eliane de Paula

    2006-01-01

    As ilhas oceânicas brasileiras possuem grande importância ambiental, tanto do ponto de vista da biodiversidade quanto do interesse científico, em virtude do isolamento geográfico. Dentre estas, a ilha da Trindade destaca-se por ser a mais isolada e úmida do conjunto das ilhas oceânicas brasileiras. Foram estudados os principais solos que ocorreram na ilha da Trindade, com ênfase em suas características químicas, físicas, mineralógicas e micromorfológicas peculiares, nos diferentes estratos am...

  12. Cromatografia em camada delgada acoplada a voltametrias cíclica e de pulso diferencial na análise de ácido rosmarínico de Rosmarinus officinalis Linné (Alecrim)

    GONÇALVES, Darlene

    2010-01-01

    Esse estudo apresenta um método eletroanalítico em estado sólido para identificação e quantificação do ácido rosmarínico (AR), um fitoantioxidante de grande interesse pelas vantagens terapêuticas e aplicabilidade nas áreas alimentícia, cosmética e farmacêutica; após isolamento do mesmo de amostras de Rosmarinus officinalis Linné (alecrim), através de cromatografia em camada delgada (CCD), onde utilizou-se a sílica contendo o analito isolado (mancha da cromatografia) raspada da cromatoplaca, p...

  13. Vivências compartilhadas de filhos separados pela hanseníase no RN a luz da história oral de vida

    Cabral, Ana Michele de Farias

    2013-01-01

    Várias epidemias marcaram a vida das pessoas e coletividades, em todos os períodos históricos, sendo um dos principais exemplos a hanseníase, doença infecto-contagiosa, marcada pelo estigma, preconceito e exclusão social. No passado, o isolamento compulsório dos pacientes portadores de hanseníase causou sérios problemas sociais e psicológicos, resultando no afastamento e na ruptura total ou parcial do vínculo familiar. Os filhos privados desse convívio, retirados muitas vezes de forma desuman...

  14. Novas citações de Chytridiomycota e Oomycota para o Parque Estadual das Fontes do Ipiranga (PEFI), SP, Brasil New records of Chytridiomycota and Oomycota from the "Parque Estadual das Fontes do Ipiranga (PEFI)", SP, Brazil

    Carmen Lidia Amorim Pires-Zottarelli; Maristela Rocha

    2007-01-01

    Levantamento de fungos zoospóricos realizado em lagos artificiais do Parque Estadual das Fontes do Ipiranga (PEFI), situado na cidade de São Paulo, Estado de São Paulo, Brasil, resultou no isolamento de 41 táxons, sendo 36 identificados em nível específico. Vinte e três táxons pertencem ao Reino Fungi, filo Chytridiomycota, ordens Chytridiales, Monoblepharidales e Spizellomicetales e, 18 ao Reino Straminipila, filo Oomycota, ordens Saprolegniales e Peronosporales. Dentre os fungos isolados, 1...

  15. Novas citações de Chytridiomycota e Oomycota para o Parque Estadual das Fontes do Ipiranga (PEFI), SP, Brasil

    Pires-Zottarelli,Carmen Lidia Amorim; Rocha,Maristela

    2007-01-01

    Levantamento de fungos zoospóricos realizado em lagos artificiais do Parque Estadual das Fontes do Ipiranga (PEFI), situado na cidade de São Paulo, Estado de São Paulo, Brasil, resultou no isolamento de 41 táxons, sendo 36 identificados em nível específico. Vinte e três táxons pertencem ao Reino Fungi, filo Chytridiomycota, ordens Chytridiales, Monoblepharidales e Spizellomicetales e, 18 ao Reino Straminipila, filo Oomycota, ordens Saprolegniales e Peronosporales. Dentre os fungos isolados, 1...

  16. Fungos emboloradores e manchadores de madeira em toras estocadas em indústrias madeireiras no município de Manaus, Amazonas, Brasil

    Hanada,Rogério Eiji; Sales-Campos,Ceci; Abreu,Raimunda Liége Souza de; Pfenning,Ludwig

    2003-01-01

    Visando conhecer a diversidade e a incidência de fungos emboloradores e manchadores de madeira da região Amazônica, foi realizado um levantamento em 12 espécies florestais, estocadas em quatro indústrias madeireiras de Manaus. De cada espécie florestal selecionaram-se cinco toras, das quais retiraram-se amostras de onde procedeu-se isolamento dos fungos. Foram isolados 106 fungos associados às essências florestais, representados por nove gêneros e por dezesseis espécies. Paecilomyces variotii...

  17. Métodos de preservação de fungos potencialmente toxicogênicos

    Guimarães, Lucas Costa

    2014-01-01

    Os micro-organismos são fontes de muitos compostos de alto valor que são úteis a todos os seres vivos assim como para os seres humanos, plantas e animais. O isolamento e melhoramento de um micro-organismo são processos longos e caros, por isso é essencial preservar a característica obtida para não ser preciso passar por esses procedimentos mais uma vez. Os fungos são organismos eucariontes, aclorofilados, heterotróficos, geralmente filamentosos, obtêm seu alimento por absorção, podem ser macr...

  18. Solubilização de fosfato por fungos do solo e eficiência de sua inoculação em caupi e milho

    Gomezjurado, Marco Esteban Gudiño

    2014-01-01

    O processo da fixação biológica de nitrogênio em leguminosas é realizado por bactérias nodulíferas possuidoras da enzima nitrogenase, que catalisa a redução do nitrogênio molecular a amônio, que é assimilado pelas plantas. Apesar da alta diversidade do Reino Fungi, relatos sobre a solubilização de fosfatos por fungos têm se restringido aos gêneros Aspergillus e Penicillium. Isto se deve às técnicas usualmente utilizadas para isolamento que favorecem fungos com rápida c...

  19. Prevalência de discromatopsia nos quilombolas de Monte Alegre de Goiás (Kalungas)

    Couto, Daniela Alessandri Monteiro

    2008-01-01

    Os Kalungas são descendentes de quilombolas, remanescentes dos quilombos, redutos de ex-escravos de origem africana. Vivem em semi-isolamento, há quase 300 anos, nas regiões rurais das cidades de Cavalcante, Teresina de Goiás e Monte Alegre de Goiás, no nordeste do Estado de Goiás. Vivem da agricultura de subsistência, da criação de pequenos rebanhos e de outras fontes de renda, como aposentadorias e auxílios do governo. Trata-se de comunidade negra que vive em meio rural. É nesta população, ...

  20. Materiais compósitos à base de gesso contendo eva (Etileno Acetato de Vinila) e vermiculita: otimização de misturas e propriedades termomecânicas

    Oliveira, Marilia Pereira de

    2009-01-01

    O gesso é um dos materiais de construção mais antigos que se tem conhecimento. Algumas de suas propriedades lhe confere vantagens como, resistência ao fogo, isolamentos térmico e acústico. Em virtude de ser um ligante menos agressivo ao ambiente que o cimento Portland, seu uso deve ser incentivado e novas aplicações estudadas. Este trabalho teve como objetivo estudar as propriedades físico-mecânicas e térmicas de compósitos à base de gesso com a incorporação de vermiculita e de...

  1. Capitolo IV. Socialismo utopico?

    Gatto, Marco

    2016-01-01

    Io devo stare nell’isolamento. È assolutamente assurdo credere che uno come me possa tanto facilmente rinunciare a tutto ciò che è e scomparire tra la massa. La massa riconosce ben presto queste balordaggini e ti distrugge o cerca comunque di distruggerti. La massa espelle una persona come me che si è messa nelle sue mani al cento per cento, senza pietà, come un corpo estraneo. Il mio posto non è tra la massa, se do retta alla massa il mio posto è dentro di me, se do retta a me stesso. Visto ...

  2. Análise fatorial de sintomas depressivos e ocorrência de quedas em idosos = Factor analysis of depressive symptoms and occurrence of falls among the elderly

    Matias, Amanda Gilvani Cordeiro

    2015-01-01

    Conclusões: A prevalência da depressão foi relevante na amostra estudada. A maior carga fatorial foi representada nas dimensões de ansiedade, anedonia, medo, isolamento e apatia. A correlação entre autorrelato de quedas e sintomas depressivos foi significativa. Os dados apontam para a necessidade de maior atenção à saúde mental do idoso e enfatizam a importância de intervenções precoces de rastreamento dos sintomas depressivos visando à adoção de medidas preventivas

  3. Estavamicina : estudos sinteticos

    Gliseida Zelayaran Melgar

    2008-01-01

    Resumo: Em 1995 Miao e colaboradores relataram o isolamento da estavamicina (1), um novo produto natural, membro da família dos pirrolocetoindanos, a partir de uma cultura líquida de Streptomyses sp., isolada de uma amostra de terra coletada na Índia. A estavamicina contém uma interessante subestrutura hexahidroindeno de fusão de anel trans com 5 centros estereogênicos, uma cadeia lateral que contém outros 2 centros estereogênicos, um álcool dialílico, três duplas ligações e um resíduo de car...

  4. D. Felini (a cura di, Video game education. Studi e percorsi di formazione

    Alex Tribelli

    2013-03-01

    Full Text Available Nei confronti di una trattazione scientifica dei videogame c’è tuttora qualche scetticismo. I pregiudizi, più volte denunciati, ancora hanno qualche sussistenza: persiste qualche analisi sociale che considera i videogame oggetti diabolici che provocano isolamento e comportamenti violenti nei teenager. Pur constatando una progressiva inversione di tendenza, Video game education. Studi e percorsi di formazione, curato da Damiano Felini, si propone di sgretolare la concezione che la società contemporanea ha dei videogame, dimostrando come questi oggetti mediali possono addirittura divenire uno strumento di formazione e crescita delle persone.

  5. Diversidade e potencial enzimático de fungos filamentosos isolados do solo, Semi-Árido, Pernambuco, Brasil

    Oliveira, Luciana Gonçalves de

    2009-01-01

    Os fungos compreendem um grupo heterogêneo de microrganismos, atuando como sapróbios, parasitas e simbiontes. Como sapróbios, podem viver em diversos ambientes, especialmente no solo. Este trabalho teve como objetivos o isolamento, identificação e atividade enzimática (lacase e peroxidase) de fungos filamentosos do solo do Vale do Catimbau, semi-árido pernambucano. Quatro coletas de solo foram feitas durante os períodos chuvosos (2) e de estiagem (2). Foram identificadas 87 espécies de fungos...

  6. Plantios monoespecíficos de INGA VERA SUBESP. AFFINIS (D.C.) T.D. PENN. influenciando o sucesso reprodutico, variação genética E fluxo gênico na FLORESTA ATLÂNTICA do NORDESTE do BRASIL

    Cruz Neto, Oswaldo

    2013-01-01

    A manutenção das interações de polinização e do sucesso reprodutivo das angiospermas está relacionada ao tamanho e distribuição das populações de plantas e de seus polinizadores. Objetivamos entender neste trabalho, os efeitos dos plantios monoespecíficos de Inga, do isolamento geográfico das populações e do adensamento de indivíduos sobre o consumo de néctar e sucesso reprodutivo de Inga vera em populações plantadas e naturais na floresta Atlântica nordestina. Selecionamos e georeferenciamos...

  7. Exendin-4 na prevenção de danos teciduais decorrentes da morte encefálica e no controle bioenergético da célula β pancreática

    Rodrigo Maron Carlessi

    2015-01-01

    A reposição de ilhotas pancreáticas é uma forma eficaz de se restabelecer a homeostase glicêmica em pacientes com diabetes mellitus tipo 1 com controle metabólico instável (“DM1 lábil”). Entretanto, ao longo do processo de isolamento, a partir do pâncreas do doador em morte encefálica (ME) e posterior enxerto no receptor, perdas importantes, tanto no número quanto na qualidade das ilhotas, limitam a eficácia do procedimento de transplante. Frequentemente, transplantes sequenciais de dois ou a...

  8. OS CUIDADOS COM A SAÚDE E A CARIDADE: A CONSTRUÇÃO E O COTIDIANO DO HOSPITAL PEDRO II NA CIDADE DO RECIFE DURANTE A SEGUNDA METADE DO SÉCULO XIX

    Carlos Alberto Cunha Miranda

    2013-01-01

    Este artigo tem como objetivo analisar o cotidiano do Hospital Pedro II na segunda metade do século XIX, na cidade do Recife. Dependente das ações da Santa Casa de Misericórdia, o nosocômio será caracterizado por tensões entre a caridade e as atividades dos médicos. Através do isolamento dos pacientes, submetidos a um rígido controle imposto pelas Irmãs de Caridade, fica evidente um tenso relacionamento entre eles, as religiosas e o corpo médico. Chamarei atenção...

  9. Noise level in a pediatric intensive care unit

    Carvalho, Werther Brunow de [UNIFESP; Pedreira, Mavilde da Luz Gonçalves [UNIFESP; Aguiar, Maria Augusta L. de [UNIFESP

    2005-01-01

    OBJETIVO: Verificar o nível de ruídos em uma unidade de cuidados intensivos pediátricos. MÉTODOS: Estudo observacional e prospectivo realizado em uma unidade de cuidados intensivos pediátricos de 10 leitos de um hospital universitário da cidade de São Paulo, Brasil. Os níveis de ruídos foram medidos por meio de equipamento instalado no corredor de acesso à unidade de cuidados intensivos pediátricos, posto de enfermagem, duas salas com três e cinco leitos, bem como nas unidades de isolamento. ...

  10. Estudo fitoquímico e avaliação da toxicidade frente a Artemia salina e da atividade antimicrobiana de Calycorectes psidiiflorus (O. Berg) Sobral, Myrtaceae

    Domingues, Elaine A.; Nakamura, Celso V.; de Souza, Maria C.; Teixeira, Tatiane S.; Peixoto, Juliana L. B.; Sarragiotto, Maria H.; Vidotti, Gentil J.

    2010-01-01

    O estudo fitoquímico das folhas de Calycorectes psidiiflorus (O. Berg) Sobral, Myrtaceae, resultou no isolamento e identificação de: sesquiterpeno [8-hidroxicalameneno (1)], triterpenos [α-amirina (2a) e β-amirina (2b)], flavonóide [3-O-α-ramnopiranosil-7-O-bglucopiranosil canferol (3)], e alcalóide [1,2,3,4-tetraidro-1-metil-β-carbolina (4)]. As estruturas das substâncias isoladas foram elucidadas com base nos seus dados de RMN em comparação com os da literatura. A substância 8-hydroxicalame...

  11. Anthraquinones and naphtoquinones from the bark of Tectona grandis (Verbenaceae) reforestation specimen

    Moreira, Rafael Y.O.; Arruda, Mara S.P.; Arruda, Alberto C.; Santos, Lourivaldo S.; Müller, Adolfo H.; Guilhon, Giselle M.S.P.; Santos, Alberdan S.; Terezo, Evaristo

    2006-01-01

    O fracionamento do extrato hexânico do caule de um espécime de reflorestamento de Tectona grandis (Verbenaceae), através de procedimentos fitoquímicos clássicos, levou ao isolamento das naftoquinonas lapachol e desidro-a-lapachona e das antraquinonas tectoquinona e obtusifolina. As estruturas das substâncias foram caracterizadas através da análise de métodos espectrométricos de RMN. Este é o primeiro estudo fitoquímico de um espécime de reflorestamento de Tectona grandis, no Brasil, sendo o o...

  12. Antraquinonas e naftoquinonas do caule de um espécime de reflorestamento de Tectona grandi (Verbenaceae)

    Moreira,Rafael Y.O.; Arruda,Mara S.P.; Arruda,Alberto C.; Santos,Lourivaldo S.; Müller,Adolfo H.; Guilhon,Giselle M.S.P.; Santos,Alberdan S.; Terezo,Evaristo

    2006-01-01

    O fracionamento do extrato hexânico do caule de um espécime de reflorestamento de Tectona grandis (Verbenaceae), através de procedimentos fitoquímicos clássicos, levou ao isolamento das naftoquinonas lapachol e desidro-a-lapachona e das antraquinonas tectoquinona e obtusifolina. As estruturas das substâncias foram caracterizadas através da análise de métodos espectrométricos de RMN. Este é o primeiro estudo fitoquímico de um espécime de reflorestamento de Tectona grandis, no Brasil, sendo o o...

  13. THERMOTOLERANT Campylobacter SPECIES ISOLATED FROM PSITTACIFORMES IN THE PERUVIAN AMAZON REGION

    Alvaro TRESIERRA-AYALA

    1998-07-01

    Full Text Available Foi determinada a freqüência de isolamento de campylobacters termotolerantes em Psittaciformes silvestres capturados na região amazônica do Peru. Campylobacters foram isolados em 10/142 (7.0% dos animais estudados, sendo C. jejuni subsp. jejuni biovar I (6/10 o mais freqüente, seguido de C. coli biovar II (2/10, C. lari não foi isolado. Os resultados sugerem que estas aves podem ser importantes reservatórios destas bactérias.

  14. Acompanhamento terapêutico sob o enfoque da psicoterapia corporal: uma clínica em construção.

    Ana Celeste de Araujo Pitiá

    2002-01-01

    Este trabalho propõe pensar a clínica do Acompanhamento Terapêutico (AT) como uma prática de atendimento que se realiza pela ação concreta de se acompanhar o sujeito em dificuldade, com vistas a se atingir o objetivo terapêutico de romper seu isolamento e exclusão do convívio social. Os clientes podem ser portadores de transtornos ou deficiências mentais, ou outras condições que demandem esse tipo de atendimento. É uma clínica que se dá fora dos espaços tradicionais de tratamento: hospitais, ...

  15. RC-IAL: linhagem celular contínua de rim de coelho - características e substrato para replicação de vírus

    Aurea Silveira Cruz; Cristina Adelaide Figueiredo; Maria Luisa Barbosa; Clelia Helena de O. Martinez; Luís Florêncio Salles-Gomes

    1992-01-01

    Uma linhagem celular de rim de coelho (denominada RC-IAL), que foi isolada em 1976, e que atualmente está na 150ª passagem, teve suas características analisadas. As células apresentaram morfologia semelhante aos fibroblastos desde o início de seu cultivo. A proporção de crescimento celular não se alterou desde seu isolamento, com uma eficiência de clonagem ao redor de 9%. A linhagem mostrou crescimento dependente de ancoragem, e a análise cromossômica apresentou o número modal da espécie com ...

  16. Constituintes químicos das folhas e do caule de Coccoloba mollisCasaretto (Polygonaceae)

    Oliveira,Patrícia Emanuella S.; Santos,Wagner S. dos; Conserva,Lucia M.; Lemos,Rosangela P. de Lyra

    2008-01-01

    O estudo químico das frações neutra em hexano das folhas e em diclorometano do caule de Coccoloba mollis resultou no isolamento de um triterpeno pentacíclico (simiarenol), que pela primeira vez ocorre em Polygonaceae, dois fitoesteróides (sitostenona e sitosterol), um diterpeno (trans-fitol) e de um benzenóide (ácido vanílico) que está sendo descrito pela vez neste gênero. A identificação estrutural destes compostos foi feita com base na análise dos dados espectrais (IV, EM e RMN, incluindo D...

  17. Contribuição ao estudo químico e avaliação da atividade antioxidante dos frutos verdes de Clusia paralicola (Clusiaceae)

    Rafaela Oliveira Ferreira

    2011-01-01

    Clusia paralicola (Clusiaceae) têm ocorrência nas florestas nordestinas, especialmente do semi-árido e dos brejos de altitude, é conhecida popularmente como pororoca. Este trabalho descreve o estudo químico e a avaliação da atividade antioxidante dos frutos verdes de Clusia paralicola. O estudo químico resultou no isolamento e identificação de dois biflavonóides (GB-1-7-O-glicosídeo e 3,8-binaringenina-7-O-β-glicosídeo), uma catequina (epicatequina), dois esteróides (β-sitosterol...

  18. Electronic and magnetic properties of organic conductors (DMET) sub 2 MBr sub 4 (M=Fe, Ga)

    Enomoto, K; Enoki, T; Yamaura, J I

    2003-01-01

    (DMET) sub 2 MBr sub 4 (M=Fe, Ga) are isostructural organic conductors whose crystal structure consists of an alternate stacking of quasi one-dimensional chain-based donor layers and anion square lattices. The resistivity, ESR, magnetic susceptibility, magnetization, and magnetoresistance of these salts were investigated in order to clarify the correlation between the electronic structure and the magnetism. The electronic structures of both salts are metallic down to T sub M sub I - 40 K, below which a Mott insulating state is stabilized, accompanied by an SDW transition at T sub S sub D sub W - 25 K. The FeBr sub 4 salt with Fe sup 3 sup + (S=5/2) localized spins undergoes an antiferromagnetic transition at T sub N = 3.7 K. In the FeBr sub 4 salt, the magnetization curves, which show field-direction-dependent anomalies in addition to a spin-flop transition, are demonstrated to have a participation of donor pi-electron spins in the magnetization processes. The field dependence of the magnetoresistances below ...

  19. Adolpho Lutz: um esboço biográfico

    Benchimol Jaime Larry

    2003-01-01

    Full Text Available Este artigo retrata as origens familares e a trajetória de Adolpho Lutz (1855-1940 até sua transferência para o Instituto Oswaldo Cruz (IOC, em 1908. Utiliza o cientista como fio condutor para a análise da instituição das medicinas pasteuriana e tropical no Brasil. Examina seus estudos superiores e de aperfeiçoamento na Europa germânica, suas atividades como clínico e como investigador de temas relacionados à helmintologia, parasitologia, veterinária e bacteriologia no interior de São Paulo, sua estada no leprosário de Molokai, no Havaí, e controvérsias médicas de que participou durante o período em que chefiou o Instituto Bacteriológico de São Paulo, especialmente aquelas concernentes ao cólera, às disenterias, à febre tifóide, à malária e à febre amarela.

  20. Doença de Kikuchi-Fujimoto: apresentação de um caso

    Jailson de Sousa Oliveira

    2017-08-01

    Full Text Available A doença de Kikuchi-Fujimoto (DKF ou linfadenite histiocítica necrotizante é uma doença benigna e auto-limitada, rara, caracterizada por linfadenopatia generalizada, febre e leucopenia. É um importante diagnóstico diferencial com patologias linfoproliferativas, autoimunes, infecciosas, podendo em raros casos estar associada a estas. Relatamos o caso de um paciente de 24 anos, com quadro de febre, linfadenopatia cervical e inguinal e lesões cutaneomucosas. O Fator Anti-Nuclear (FAN foi positivo, hemograma evidenciou pancitopenia, anti-DNA negativo. A biópsia de linfonodo inguinal evidenciou linfadenite histiocítica necrotizante. O paciente evoluiu com piora clínica por atividade de doença associada a sepse, evoluindo com pericardite aguda e tamponamento cardíaco. Realizado pulsoterapia com ciclofosfamida, com melhora substancial das manifestações cutâneas e sistêmicas. O diagnóstico de pacientes com DKF deve implicar necessariamente no seguimento para avaliação do surgimento de doenças autoimunes, assim como doenças infecciosas e linfoproliferativas.