WorldWideScience

Sample records for estresse entre trabalhadores

  1. Estresse e transtornos mentais comuns em trabalhadores de enfermagem

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jorge Luiz Lima da Silva

    2008-12-01

    Full Text Available O estresse é referido em estudos científicos como fator relevante no processo de determinação de agravos à saúde, incluindo os trabalhadores da saúde. O trabalho da equipe de enfermagem a coloca sob tensão e à mercê de riscos, dentre os quais os psicossociais e emocionais. Este estudo objetivou analisar a exposição ao estresse no trabalho, tendo como desfecho a ocorrência de transtornos mentais comuns (TMC entre profissionais de enfermagem. Trata-se de um estudo seccional realizado com 1182 trabalhadores de um hospital federal localizado no Município do Rio de Janeiro. A variável independente ¾ estresse no trabalho ¾ foi investigada através da escala resumida Job Stress Scale, adaptada para o português por Alves e colaboradores. O Modelo Demanda-Controle de Karasek e Theorell foi utilizado para avaliar as dimensões psicossociais estudadas. A variável dependente TMC foi avaliada de acordo com a versão reduzida do Self Reporting Questionnaire. A prevalência de TMC encontrada foi 23,6%, sendo 20,9% entre os trabalhadores permanentes e 26,4% entre temporários (p= 0,027. As maiores prevalências de TMC foram observadas no sexo feminino, entre os mais jovens, de maior escolaridade e sem filhos. Profissionais com trabalho de alta exigência (alta demanda e baixo controle apresentaram 3,6 vezes (IC 95%: 1,95-6,61 mais TMC do que aqueles com trabalho de baixa exigência (baixa demanda e alto controle. Em relação as variáveis laborais, as maiores prevalências observadas foram para profissionais com turno misto, alta carga horária e esforço físico acima da média encontrada. Na análise estratificada das categorias de estresse e do grau de demanda e controle no trabalhado, foi observado nítido gradiente tipo dose resposta. Foi constatada associação entre a exposição às dimensões de estresse e suspeição de TMC, após o controle do confundimento introduzido pelas variáveis, sexo, idade, carga horária, turno, grau de

  2. O TRABALHADOR COM ESTRESSE E INTERVENÇÕES PARA O CUIDADO EM SAÚDE

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Débora de Paula da Silva

    Full Text Available ResumoO artigo aborda o fenômeno do estresse e sua relação com o trabalhador e seu sistema. A metodologia adotada foi a pesquisa exploratória de abordagem qualitativa. Foi realizado um levantamento bibliográfico nos anos de 2001 a 2012 por artigos publicados na língua portuguesa e inglesa nas bases Biblioteca Virtual em Saúde, SciELO e MEDLINE. Foram utilizados os descritores: saúde do trabalhador, estresse ocupacional, estresse psicológico, trabalho, intervenção e vigilância em saúde do trabalhador. Após leitura dos resumos de 362 artigos encontrados, 18 foram selecionados e submetidos à análise de conteúdo. Destacou-se a necessidade de identificar, sanar ou amenizar os fatores que causam esse fenômeno, a fim de que sejam propostas ações de promoção de saúde dentro do ambiente de trabalho para torná-lo uma fonte de prazer ao trabalhador.

  3. Sintomas de estresse nos trabalhadores atuantes em cinco núcleos de saúde da família

    OpenAIRE

    Camelo, Silvia H. Henriques; Angerami, Emília Luigia Saporiti

    2004-01-01

    Este estudo objetivou investigar a ocorrência de estresse nos trabalhadores de cinco núcleos de saúde da família, da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (USP). Foi utilizado o Inventário de Sintomas Stress para adultos, de Lipp. O instrumento visa identificar a sintomatologia que o indivíduo apresenta, avaliando se ele possui sintomas de estresse, o tipo de sintoma predominante e a fase em que se encontra. Constatou-se a presença de estresse em 62% dos trabalhadores, sendo que 83% deles e...

  4. Modelo Demanda-Controle e estresse ocupacional entre profissionais de enfermagem: revisão integrativa

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Denise Rodrigues Costa Schmidt

    2013-10-01

    Full Text Available O modelo Demanda-Controle, com grande poder explanatório, tem como objetivo a avaliação do estresse ocupacional. Buscou-se conhecer, através de uma revisão integrativa, a produção científica sobre a utilização do modelo Demanda-Controle para investigação do estresse ocupacional entre profissionais de enfermagem, no período de 2000 a 2011. Dos 16 estudos selecionados, a maioria (cinco artigos foi publicada em 2009. A Job Stress Scale e o Job Content Questionnaire foram utilizados em nove e sete estudos, respectivamente. Houve uma grande diversidade na forma de análise dos dados. As dimensões Demanda e Controle e sua associação com problemas relacionados à saúde do trabalhador foram avaliadas em 56,25% dos estudos, dos quais 37,5% estavam relacionados à saúde mental. Os artigos apontam a necessidade de produção científica nacional, sugerindo a atuação dos pesquisadores em estudos de intervenção que possibilitem a redução do estresse laboral e, consequentemente, melhoria do estado de saúde mental dos trabalhadores.

  5. Estresse e síndrome de burnout entre trabalhadores da equipe de Saúde da Família Estrés y síndrome de burnout entre trabajadores del equipo de Salud de la Familia Stress and burnout syndrome among workers of the Family Health team

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Letícia de Lima Trindade

    2010-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Compreender o estresse laboral vivenciado pelos trabalhadores das equipes de Saúde da Família (ESF, do município de Santa Maria, Rio Grande do Sul e as implicações para sua saúde. MÉTODOS: Estudo descritivo, com integração de métodos quantitativos e qualitativos, desenvolvido com 86 trabalhadores de todas as ESF do município. Na primeira etapa, foi aplicado o Maslach Burnout Inventory (MBI e na segunda, foi aplicada entrevista semiestruturada com os 12 trabalhadores que apresentaram os maiores (seis e os menores (seis escores no MBI. RESULTADOS: A idade jovem teve associação estatisticamente significativa com os níveis de estresse apresentados pelos trabalhadores (p= 0,034. Os trabalhadores esgotados utilizavam formas de enfrentamento direcionadas às emoções, ou seja, recursos pessoais, enquanto os não esgotados resolviam os problemas do cotidiano laboral com apoio do grupo de trabalho. CONCLUSÃO: Os principais motivos para o desenvolvimento da Síndrome de Burnout estavam vinculados a problemas relacionais e organizacionais.OBJETIVO: Comprender el estrés laboral experimentado por los trabajadores de los Equipos de Salud de la Familia (ESF, del municipio de Santa Maria, Rio Grande del Sur y las implicaciones para su salud. MÉTODOS: Se trata de un estudio descriptivo con integración de métodos cuantitativos y cualitativos, desarrollados con 86 trabajadores de todas los ESF del municipio. En la primera etapa, fue aplicado el Maslach Burnout Inventory (MBI y en la segunda etapa, fue aplicada la entrevista semiestructurada con los 12 trabajadores que presentaron los mayores (seis y los menores (seis puntajes en el MBI. RESULTADOS: la edad joven presentó una asociación estadísticamente significativa con los niveles de estrés presentados por los trabajadores (p= 0,034. Los trabajadores agotados utilizaban formas de enfrentar los problemas utilizando las emociones, o sea, usando recursos personales, en cuanto que

  6. Comportamentos de risco, auto-avaliação do nível de saúde e percepção de estresse entre trabalhadores da indústria Health risk behaviors, health status self-assessment and stress perception among industrial workers

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mauro V G de Barros

    2001-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Identificar a prevalência e analisar a associação entre comportamentos de risco à saúde, percepção de estresse e auto-avaliação do nível de saúde, em trabalhadores da indústria. MÉTODOS: Estudo epidemiológico transversal, utilizando questionário previamente testado em estudo-piloto realizado em Santa Catarina, Brasil. Foram coletados dados sobre fumo, abuso de álcool, consumo de frutas e verduras, atividades físicas, percepção de estresse e auto-avaliação do nível de saúde de 4.225 trabalhadores (67,5% homens e 32,5% mulheres. Os sujeitos foram recrutados por meio de amostragem por conglomerados em três estágios (erro de 5%. A análise estatística incluiu o teste de qui-quadrado e a análise de regressão logística, para um nível de significância de pOBJECTIVE: To identify the prevalence and association among health risk behaviors, stress perception, and health status self-assessment among industrial workers. METHODS: A cross-sectional study was performed using a questionnaire previously tested in a pilot study in the State of Santa Catarina, Brazil. Data on smoking, alcohol consumption, fruit and vegetables intake, physical activity, stress perception, and self-assessment of health status were available for 4,225 workers (67.5% males and 32.5% females. Subjects were selected using a 3-stage cluster sampling (5% error margin. Statistical analysis was performed using Chi-square, and logistic regression analysis (p<0.05. RESULTS: The mean age was 29.7 years old (SD=8.6. The prevalence of smokers was 20.6%, higher among males (23.1% than females (15.6%. The proportion of heavy drinkers was high (57.2% among males and 18.8% among females. Almost half of the subjects (46.2% reported no leisure-time physical activity (67% females and 34.8% males. Approximately 14% of subjects reported high levels of stress and difficulty to cope with daily tasks. About 15% of the workers perceived their health status as regular

  7. Os diferentes contratos de trabalho entre trabalhadores qualificados brasileiros.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcia Carvalho de Azevedo

    2014-06-01

    Full Text Available Ao longo das últimas décadas, as relações de trabalho têm se modificado de forma contínua na direção de contratos mais flexíveis vis-à-vis relações de trabalho mais estáveis e de longo prazo. Essas transformações também têm atingido o mercado de trabalho brasileiro, ainda que este tenha características distintas das economias mais desenvolvidas. No Brasil, as relações de trabalho sempre tiveram um forte componente de flexibilidade, uma vez que o emprego formal e o informal são igualmente importantes na economia do país. Apesar da informalidade presente no cenário brasileiro, trabalhadores qualificados brasileiros mantiveram vínculos de trabalho estáveis, com contratos CLT, ao longo da segunda metade do século passado. Entretanto, esse panorama tem sido modificado nas últimas décadas. Apesar da constatação dessas mudanças no mercado de trabalho, pesquisas que investigam a disseminação de diferentes tipos de contrato de trabalho no mercado brasileiro são escassas. Dados referentes a profissionais qualificados são ainda mais raros. Tendo esse cenário como pano de fundo, esta pesquisa tem como objetivo identificar os diferentes tipos de contrato de trabalho existentes entre trabalhadores qualificados no Brasil. Para isso, discute os resultados de uma pesquisa empírica e apresenta, com base na literatura e nos dados de 47 entrevistas com trabalhadores, 15 tipos de contrato de trabalho que se distinguem do padrão CLT. Os resultados mostram que, dada essa diversidade, as relações flexíveis de trabalho não podem ser tratadas como um processo homogêneo. Os dados também retratam uma realidade preocupante. Podemos dizer que existe um descompasso dentro do contexto brasileiro entre as relações de trabalho atuais e o ambiente no qual elas estão inseridas. A sociedade brasileira e a legislação trabalhista estão estruturadas com base nas relações de trabalho formais. As organizações muitas vezes não sabem

  8. O estresse ocupacional e a síndrome do esgotamento profissional (burnout em trabalhadores da indústria do petróleo: uma revisão sistemática

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernanda Monteiro Dias

    Full Text Available Resumo Introdução: na indústria do petróleo, os trabalhadores atuam em diversas áreas e nas mais adversas condições de trabalho, o que pode resultar em agravos como o estresse ocupacional e o burnout. Objetivo: investigar a associação entre o ambiente de trabalho na indústria do petróleo e o estresse ocupacional e burnout nos trabalhadores, assim como, fatores psicossociais e sintomas físicos associados. Métodos: revisão sistemática de literatura realizada em nove bases de dados bibliográficos. Incluíram-se estudos epidemiológicos observacionais em inglês, espanhol e português publicados entre 1994 e 2014, com pontuação acima de 13 pontos, segundo critérios do Checklist for measuring quality. Resultados: a maioria dos estudos selecionados foi acerca da identificação de fontes de estresse ocupacionais associados a alguns fatores psicossociais. Conclusão: os profissionais da indústria de petróleo estão submetidos a inúmeros estressores ocupacionais que influenciam os aspectos físicos, psíquicos e sociais de sua saúde. O aprofundamento da temática pode estimular o desenvolvimento de estratégias que promovam melhor qualidade de vida e condições de trabalho a esses profissionais.

  9. Trabalho e estresse: identificação do estresse e dos estressores ocupacionais em trabalhadores de uma unidade administrativa de uma Instituição Pública de Ensino Superior (IES

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edward Goulart Junior

    2014-03-01

    Full Text Available http://dx.doi.org/10.5007/1983-4535.2014v7n1p1 O artigo apresenta pesquisa realizada junto a servidores públicos de uma Instituição de Ensino Superior (IES que teve como objetivo diagnosticar a presença do estresse nessa população, a fase do estresse em que os indivíduos se encontram e a predominância de sintomas, se físicos ou psicológicos. Objetivou também caracterizar o quadro sintomatológico da população que experimenta estresse e os principais estressores do contexto de trabalho onde os participantes atuam. A pesquisa revelou que 46,6% dos participantes estão experimentando estresse, a sua maioria se encontra em fase de resistência com predominância de sintomas psicológicos. Entre os principais estressores dos contextos de trabalho, destacaram-se o ambiente físico do local de trabalho, infraestrutura do setor de trabalho, processo de avaliação de desempenho profissional adotado pela IES, baixo reconhecimento atribuído ao  trabalho realizado e o número reduzido de servidores em determinados setores. Os resultados revelaram a avanço da presença do estresse nessa amostra e a necessidade de ações adequadas de políticas e práticas de gestão de pessoas que visem atuar para minimizar esse fenômeno.

  10. ESTRESSE, COPING, BURNOUT, SINTOMAS DEPRESSIVOS E HARDINESS ENTRE DISCENTES DE ENFERMAGEM

    OpenAIRE

    Etiane de Oliveira Freitas

    2012-01-01

    Trata-se de uma pesquisa com abordagem quantitativa, do tipo exploratório, transversal, com o objetivo de analisar estresse, coping, burnout, sintomas depressivos e hardiness entre discentes de enfermagem. A pesquisa foi realizada numa universidade pública no interior do Rio Grande do Sul. A coleta dos dados deu-se nos meses de abril e maio de 2011. Seguiu-se um protocolo de pesquisa que consta de Formulário sociodemográfico e acadêmico dos discentes, Instrumento para Avaliação...

  11. Prazer e sofrimento entre os trabalhadores de Call Center

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carolina Scolari

    2009-12-01

    Full Text Available Os conceitos de Taylor foram fundamentais para o desenvolvimento industrial no século XX. Ainda hoje, seus ensinamentos estão presentes em diversos ramos da economia, inclusive, no setor de call center. Call center é uma estrutura que visa ao atendimento de clientes com a utilização de um terminal de computador e de um aparelho telefônico. Esse setor sofreu grande expansão e, em 2006, foi responsável pela geração de 60 mil empregos diretos, tornando-se uma forma de contato e negócios atrativa para empresas do ramo público e privado. O objetivo deste artigo foi analisar as vivências de prazer e sofrimento no trabalho entre os operadores de call centers. Foi realizada uma pesquisa qualitativa, estratégia de estudo de caso e método de análise dos dados, análise de conteúdo. Como resultados, foram elaboradas algumas categorias finais, entre elas as mediações no trabalho, analisada no presente artigo sob o referencial teórico da psicodinâmica do trabalho.

  12. O nexo causal entre transtorno de estresse pós-traumático e trabalho: controvérsias acerca do laudo de uma perícia judicial

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Eduardo Carrusca Vieira

    Full Text Available O estabelecimento do nexo causal entre trabalho e distúrbio mental tem ocupado um lugar central nos debates teóricos e se configura como uma questão bastante polêmica, centro de controvérsias no campo de estudos da Saúde Mental e Trabalho. Neste artigo, analisamos o laudo emitido por uma perita judicial e o parecer dos peritos assistentes acerca das condições de saúde de um trabalhador da vigilância bancária no âmbito de uma ação indenizatória por danos morais movida por ele, que tramitou na Justiça do Trabalho de Minas Gerais. Os peritos concluíram não haver um nexo causal entre os distúrbios mentais apresentados pelo vigilante e a sua ex-atividade, fato que embasou a sentença proferida pelo magistrado, desfavorável ao trabalhador. Entretanto, apresentamos, em relação a este caso, evidências de que as experiências de trabalho deveriam ter sido consideradas como um fator determinante no surgimento do Transtorno de Estresse Pós-Traumático (TEPT do qual o vigilante foi vítima. Ao final deste artigo, refletimos sobre a importância de se ampliar a análise diagnóstica no caso de trabalhadores acometidos por transtornos mentais.

  13. Efeito de estresse ambiental sobre a pressão arterial de trabalhadores Effect of environmental stress on blood pressure during the working journey

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renato Rocha

    2002-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar o comportamento de pressão arterial (PA e a freqüência cardíaca (Fc de indivíduos ao longo da jornada de trabalho em dois ambientes com estresses ambientais distintos. MÉTODOS: Foram avaliados 46 funcionários, trabalhadores de uma indústria processadora de madeira, de Botucatu, SP, sendo 27 funcionários da linha de produção (esforço físico moderado-intenso, altas temperaturas e elevados níveis de ruído (G1, e 19 da administração (sem esforço físico, salas aclimatadas, baixos níveis de ruído (G2. Todos foram submetidos a avaliação antropométrica da composição corporal (obesidade e adiposidade e bioquímica do sangue (lipidemia e, adicionalmente, o registro da PA e da Fc em três momentos do turno de serviço: início, meio e fim. RESULTADOS: Houve semelhança na variação da PA entre G1 e G2, mas com maiores elevações de PA e Fc em G1. Os resultados mostraram grande variabilidade na resposta da PA, levando à subdivisão dos grupos G1 e G2 em respondedores (GR, aumento maior de 10% na PA média e não respondedores (GN. Os subgrupos GR e GN apresentaram semelhanças nos padrões antropométrico e bioquímico diferindo apenas na resposta pressórica e no caso do GR1 na história familiar de hipertensão. Comparando os subgrupos GR1 e GR2, foi constatado que os primeiros apresentaram maiores variações de PA e Fc que os segundos. CONCLUSÕES: A variação individual da resposta pressórica e da Fc conforme o tipo de estresse ambiental indica ser este um fator adicional a ser considerado na avaliação da pressão arterial e, talvez, na gênese da hipertensão arterial de operários.OBJECTIVE: To evaluate blood pressure (BP and heart rate (HR behavior in individuals during the working journey in two environments with different work stressors. METHODS: The study comprised 46 male individuals working in a wood processing factory in Botucatu, Brazil. Twenty seven (27.4±5.4 yrs, mean±SD worked in the

  14. Fatores psicossociais e prevalência da síndrome de burnout entre trabalhadores de enfermagem intensivistas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jorge Luiz Lima da Silva

    2015-06-01

    Full Text Available RESUMO Objetivo: Descrever a prevalência da síndrome de burnout entre trabalhadores de enfermagem de unidades de terapia intensiva, fazendo associação a aspectos psicossociais. Métodos: Estudo descritivo seccional realizado com 130 profissionais, enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem, que desempenhavam suas atividades em unidades de terapia intensiva e coronariana de dois hospitais de grande porte na cidade do Rio de Janeiro (RJ. Os dados foram coletados em 2011, por meio de questionário auto aplicado. Foi utilizado o Maslach Burnout Inventory, para a aferição das dimensões de burnout, e o Self Report Questionnaire, para avaliação de transtornos mentais comuns. Resultados: A prevalência de síndrome de burnout foi de 55,3% (n = 72. Quanto aos quadrantes do modelo demanda- controle, a baixa exigência apresentou 64,5% de casos prevalentes suspeitos e a alta exigência, 72,5% de casos (p = 0,006. Foi constatada a prevalência de 27,7% de casos suspeitos para transtornos mentais comuns; destes, 80,6% estavam associados à síndrome de burnout (< 0,0001. Após análise multivariada com modelo ajustado para sexo, idade, escolaridade, carga horária semanal, renda e pensamento no trabalho durante as folgas, foi constatado caráter protetor para síndrome de burnout nas dimensões intermediárias de estresse: trabalho ativo (OR = 0,26; IC95% = 0,09 - 0,69 e trabalho passivo (OR = 0,22; IC95% = 0,07 - 0,63. Conclusão: Contatou-se que os fatores psicossociais estavam envolvidos no surgimento de burnout no grupo estudado. Os resultados despertaram a necessidade de estudos para intervenção e posterior prevenção da síndrome.

  15. Prevalência de transtornos mentais comuns entre trabalhadores marítimos do Rio de Janeiro Common mental disorders prevalence among maritime workers of Rio de Janeiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jorge Luiz Lima da Silva

    2017-07-01

    Full Text Available Objetivo: descrever a prevalência de transtornos mentais comuns entre trabalhadores marítimos. Método: trata-se de  estudo transversal realizado com 316 funcionários de empresa de transporte hidroviário. A pesquisa foi aprovada no CEP sob o  CAAE 0271.0.258.258-11, a coleta dos dados foi realizada em 2012. A variável transtorno mental comum foi investigada de acordo com o Self Reporting Questionnaire. Resultados: constatou-se a prevalência geral de 14,24%. Notou-se que o grupo de sintomas humor depressivo e ansioso foi o mais expressivo.  Sexo feminino, renda familiar abaixo da média, alta carga horária semanal, estresse autorreferido, pensamento de abandono do emprego, categoria marinheiro de máquinas, sedentarismo e não tabagismo mostraram-se associados ao desfecho. Conclusão: é necessária a criação de projetos ocupacionais consistentes, com equipes multidisciplinares, tendo em vista a promoção da saúde e qualidade de vida no ambiente de trabalho e a redução de transtornos mentais.

  16. Relações entre violência escolar, gênero e estresse em pré-adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marília Mendes Moreira de Sousa

    2016-05-01

    Full Text Available School violence is a national problem characterized by behaviors that intend to cause harm and involve aggressive acts between students or employees and students. The goal of this study was to investigate whether there is any relation between those stressful behaviors and the types of involvement in school violence, as well as the relation between stress, school violence, and gender. Participants were 109 students, aged 9 to 14 years, of a public school located in a low human development index area in the city of Fortaleza, Brazil. These participants expressed consent and their parents authorized their participation by signing an Informed Consent Form. The students responded to the School Violence Scale and the Infant Stress Scale. Psychological, physical and material violence was observed through the analysis of the following categories: victimization of students by students, victimization of students by employees, and authorship of violence. Nevertheless, most of the students surveyed were not under considerable state of stress. The results showed significant positive correlations between stress and victimization of students by students; stress and suffering from psychological violence by employees; and stress and being perpetrator of psychological, physical, or virtual violence, as well between stress and risky behaviors. It was also found that, compared with boys, girls are more often victimized with respect to psychological violence by students, practice psychological and virtual violence more often, and suffer more stress A violência escolar é um problema nacional e se caracteriza por comportamentos que visam causar danos e que envolvem atos agressivos entre alunos, de alunos a funcionários e de funcionários a alunos. O objetivo deste estudo compreende investigar se há relação entre comportamentos de estresse e tipos de envolvimento em violência escolar, bem como a relação entre estresse, violência escolar e g

  17. O caso do portão: análise de um conflito violento entre trabalhadores pobres

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antônio Roberto Bonato Garcez

    2002-03-01

    Full Text Available Pela análise de um processo de homicídio, cujos personagens são trabalhadores pobres urbanos, o artigo pretende demonstrar que os conflitos e eventos violentos cotidianos desses trabalhadores surgem de diferentes dinâmicas societárias, envolvendo a cooperação, a competição, a estrutura de sentimentos existente entre eles. Propõe-se, portanto , diferenciar os fenômenos da violência e do crime, superando, porém , a dificuldade que se apresenta ao olhar sociológico em considerar como "crimes" eventos semelhantes aos relatados pelo processo analisado. A razão disso é que eles conformam um tipo especifico de conflito violento por estarem contidos no interior de relacionamentos relevantes na sociabilidade cotidiana das classes trabalhadoras urbanas, assim como se referem aos modo s de vida desses trabalhadores. Busca-se, desse modo, "compreender" a violência relatada nos autos como momentos radicais da "luta" daqueles trabalhadores.

  18. Percepção do estresse entre enfermeiros que atuam em Terapia Intensiva Percepción del estrés entre enfermeros que actúan en Cuidados Intensivos Perception of stress among critical care nurses

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Verônica Guilherme Ferrareze

    2006-09-01

    Full Text Available OBJETIVO: o estudo investigou a ocorrência de estresse entre enfermeiros que atuam na assistência a pacientes críticos de uma Unidade de Cuidados Intensivos em um hospital universitário. MÉTODOS: utilizou-se um instrumento para descrição sociodemográfica da amostra e um inventário para identificar o estresse e a fase em que se encontra. RESULTADOS: a amostra foi composta por 12 enfermeiros, 91,7% do sexo feminino; 75% com carga horária de trabalho entre 10-12 horas diárias; 33,4% com tempo de formação universitária entre 5 e 10 anos. DISCUSSÃO: mais da metade dos trabalhadores (66,7%, que assiste pacientes críticos, mostrou sinais de sofrimento físico e/ou psicológico característicos da fase de resistência ao estresse. CONCLUSÃO: tais achados sugerem a necessidade de atenção a esses profissionais para que seus sintomas não evoluam para a fase de exaustão.OBJETIVO: el estudio investigó la ocurrencia de estrés entre enfermeros que actúan en la asistencia a pacientes críticos de una Unidad de Cuidados Intensivos en un hospital universitario. MÉTODOS: fue utilizado un instrumento para la descripción sociodemográfica de la muestra y un inventario para identificar el estrés y la fase en que se encuentra. RESULTADOS: la muestra estuvo constituida por 12 enfermeros, 91,7% del sexo femenino; 75% con carga horaria de trabajo entre 10 a 12 horas diarias; 33,4% con tiempo de formación universitaria entre 5 y 10 años. DISCUSIÓN: más de la mitad de los trabajadores (66,7%, que asiste a pacientes críticos, mostró señales de sufrimiento físico y/o psicológico característicos de la fase de resistencia al estrés. CONCLUSIÓN: tales hallazgos sugieren la necesidad de atención a esos profesionales para que sus síntomas no evolucionen hacia la fase de agotamiento.OBJECTIVE: to examine the perception of stress among critical care nurses in critical from a Brazilian university hospital. METHODS: a demographic questionnaire

  19. Associação entre bruxismo e estresse em policiais militares

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carvalho, Swellya da Costa Aroucha et al.

    2008-01-01

    Full Text Available Objetivo: O trabalho teve por objetivo mensurar a prevalência de bruxismo e de estresse em policiais militares e sua possível associação. Metodologia: Um estudo transversal foi conduzido na cidade de São Luís, MA, com membros da Polícia Militar do Estado do Maranhão. Foram selecionados 81 policiais do sexo masculino (idade média = 33,5 anos, os quais foram diagnosticados como bruxistas de acordo com os critérios clínicos: presença de facetas de desgaste dental associadas ao auto-relato de ranger de dentes, sensibilidade dolorosa nos músculos masseter e temporal e desconforto na musculatura da mandíbula ao despertar. Para o diagnóstico de estresse foi aplicado o Inventário de Sintomas do Stress (Stress Symptoms Inventory – SSI. Resultados: A prevalência de bruxismo foi de 33,3% e a de estresse emocional, 13,6%. A prevalência de estresse em indivíduos com bruxismo foi significativamente maior em relação aos indivíduos sem bruxismo (teste qui-quadrado, P= 0,003. Conclusão: Dentro das limitações do estudo, concluiu-se que o estresse esteve associado à presença de bruxismo nesta amostra de policiais militares.

  20. Pressão arterial entre trabalhadores de curtume Blood pressure among tannery workers

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ricardo Cordeiro

    1998-10-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: O grupo das doenças cardiovasculares tem sido apontado como a principal causa de óbito no Brasil desde os anos 70, sendo a hipertensão arterial sistêmica (HAS o fator de risco mais importante para esse grupo. Entre os trabalhadores observa-se correlação negativa entre o status ocupacional e a pressão arterial. Tais fatos ressaltam a importância do conhecimento da distribuição da pressão arterial sistêmica entre os distintos grupos profissionais. Assim, foi realizado estudo para descrever o status pressórico de uma população homogênea e estável de trabalhadores do setor secundário da economia, pouco especializados e que ganham baixos salários, estabelecendo a prevalência da HAS nesse grupo específico, relacionando-a com algumas covariáveis biológicas e socioeconômicas, e comparando-a com a prevalência de HAS em outros grupos profissionais no Brasil. MÉTODO: Foram estudados 73 trabalhadores regularmente empregados em julho de 1993 em um curtume situado no Município de Botucatu, cidade de médio porte da região Centro-Oeste do Estado de São Paulo, os quais foram submetidos a exame antropométrico, aferição de pressão arterial, anamnese e exame clínico. Os resultados foram comparados com os obtidos em estudos semelhantes, controlando-se o confundimento da idade por intermédio de diferentes técnicas. RESULTADOS: A prevalência bruta da HAS encontrada foi de 56,1%, sendo 15,8% a prevalência de hipertensão sistólica isolada. Ambas se associaram ao etilismo e ao tabagismo na população estudada. DISCUSSÃO: A prevalência da hipertensão foi consideravelmente alta e significativamente maior do que a encontrada em outros grupos de trabalhadores estudados no Brasil. Tal achado ressalta a necessidade da continuidade da investigação, objetivando o isolamento dos fatores implicados na elevação pressórica do grupo estudado.INTRODUCTION: Cardiovascular diseases have been shown to be the leading cause of

  1. A percepção do estresse no ambiente produtivo: um estudo de caso

    OpenAIRE

    Bittencourt, Regina Célia Fernandes

    2014-01-01

    O estresse no ambiente produtivo constitui-se em um desequilíbrio do sistema corporal como um todo, estando diretamente ligado aos fatores internos e externos do ambiente como: pressão, trabalho desagradável, tensão, ansiedade, medo e angústia, entre outros, principalmente frente à tomada de decisões. Nesse sentido este estudo faz uma abordagem sobre a percepção do trabalhador em relação ao estresse no ambiente produtivo. O objetivo deste trabalho constituiu-se em identificar a percepção do e...

  2. Estresse ocupacional

    OpenAIRE

    González, Elsa Inés Rumak de

    2007-01-01

    Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Jurídicas. Programa de Pós-Graduação em Direito A presente pesquisa refere-se ao problema do estresse ocupacional na saúde dos trabalhadores e sua proteção no ordenamento jurídico brasileiro, com especial referência à Constituição da República Federativa do Brasil de 1988; das Convenções da Organização Internacional do Trabalho (OIT) que versam sobre Saúde e Segurança no trabalho, principalmente a Convenção...

  3. Tabagismo entre trabalhadores de empresa bancária Cigarette smoking among workers of a Bank

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosane H. Griep

    1998-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Descrever a prevalência de tabagismo e sua associação com outros fatores de risco para doenças crônicas entre funcionários dos centros de processamentos de serviços e comunicações de uma empresa bancária. MÉTODO: Estudo seccional de amostra aleatória simples de 647 funcionários, através de questionário auto-respondido no ambiente de trabalho. RESULTADOS: A prevalência de tabagismo foi de 29,5% (Intervalo de Confiança (IC 95%: 27,5% a 31,5%, sendo 31,1% (IC 95%: 26,2% a 35,8% entre homens e 27,8% (IC 95%: 22,6% a 32,9% entre mulheres. O início do hábito ocorreu, em média, aos 17,6 anos entre os homens e 19,4 anos entre as mulheres. Observou-se alta prevalência de grandes fumantes entre homens e mulheres (53% e 42% respectivamente fumavam mais de 20 cigarros por dia. A freqüência de tabagismo foi maior nos mais velhos, nos divorciados separados e viúvos, nos hipertensos, naqueles que consumiam mais bebidas alcoólicas, e nos que não praticavam exercícios físicos. Comparados aos não-fumantes, os ex-fumantes eram mais velhos, consumiam mais bebidas alcoólicas e apresentavam maior freqüência de sobrepeso. CONCLUSÃO: A freqüência de tabagismo e de outros fatores de risco para as doenças crônicas, nesta categoria de trabalhadores, aponta para a necessidade de repensar estratégias das ações de saúde atualmente desenvolvidas. Oportunidades de intervenções preventivas mais eficazes e de menor custo podem estar sendo perdidas.OBJECTIVE: To describe the prevalence of cigarette smoking and its association with other risk factors for chronic diseases among active workers of communication and data processing centers of a Bank. METHODS: Cross-sectional study in a simple random sample of 647 active workers of the bank. The data were collected in the work environment, through self-administered questionnaires. RESULTS: The prevalence of cigarette smoking was 29.5% (95% Confidence Interval (CI: 27.5%-31.5%, 31

  4. Entre o mercado e a sociedade : o sindicalismo da União Geral dos Trabalhadores (UGT)

    OpenAIRE

    Patrícia Rocha Lemos

    2014-01-01

    Resumo: Nossa pesquisa teve como objetivo compreender a estratégia sindical empreendida pela União Geral dos Trabalhadores (UGT). Criada em 2007, no contexto de reorganização sindical que marcou o governo Lula, a partir de uma fusão entre a CGT, a CAT e a SDS, a UGT articula elementos do sindicalismo do qual se origina (como conciliação de interesses, prioridade à negociação, defesa da estrutura sindical) com uma nova tendência que busca, através da participação nos espaços institucionais, of...

  5. AS RELAÇÕES E APRENDIZAGENS PRESENTES ENTRE OS MOVIMENTOS SOCIAIS DE TRABALHADORES DE DIFERENTES CATEGORIAS PROFISSIONAIS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sabrina Zientarski de Bragança

    2016-12-01

    Full Text Available O artigo trata das relações presentes entre os movimentos sociais autogestionários realizados pelos professores e os movimentos sociais dos trabalhadores de outras áreas profissionais. Estabelece como período histórico o final da década de 1970, década de 1980 e início dos anos 1990 no Brasil, tendo como enfoque especial o Estado Rio Grande do Sul. Objetiva trazer elementos que permitam compreender as relações entre os movimentos sociais dos trabalhadores de diferentes categorias. Utiliza como opção metodológica a pesquisa qualitativa e, como sujeitos professores que participaram dos movimentos sociais no período em estudo. Conclui que os professores aprenderam com trabalhadores de outras categorias (metalúrgicos, servidores públicos e trabalhadores do campo e ensinaram com suas experiências e movimentos.  Palavras-chave: Autogestão. Movimentos sociais. Aprendizagens. ABSTRACT The article deals with the present relations between the self-managed social movements made by the teachers and the social movements of workers in other professional areas. Establishes as a historical period the late 1980s and early 1990s in Brazil, with the special focus the state of Rio Grande do Sul. It aims at bringing evidence to understand the relationship between social movements of workers of different categories. Uses as a methodological option qualitative research and as subject were teachers who participated in social movements during the study period. Concludes that teachers learned from workers in other categories (metallurgical, civil servants and workers in the field and taught from their experiences and movements. Keywords: Self-management. Social Movements of Workers. Learning. RESUMEN El artículo trata de las relaciones presentes entre los movimientos sociales autogestionarios realizados por los maestros y los movimientos sociales de los trabajadores de otras áreas profesionales. Establece como período histórico el final de la d

  6. Enfrentamento de estresse no trabalho: relações entre idade, experiência, autoeficácia e agência

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Arlete Portella Fontes

    Full Text Available Este trabalho constitui um estudo descritivo que investigou as relações entre as estratégias de enfrentamento de estresse no trabalho e o estresse percebido, a idade, o cargo e a experiência de trabalho, mediadas pelas crenças de autoeficácia e de agência, entre 71 líderes de uma companhia. Método: o trabalho incluiu um questionário de dados sociodemográficos, de escalas de avaliação do grau de estresse percebido, do enfrentamento no trabalho, de crenças de autoeficácia e de agência. O grau de estresse percebido foi 7(0-10. As estratégias de controle foram frequentemente utilizadas (M = 3,73 ; DP = ,49, esquiva, algumas vezes (M = 2,07 ; DP = ,50, e manejo de sintomas, raramente (M = 1,86 ; DP = ,44. A autoeficácia foi moderada (3,23, DP= 3,37. Foram encontradas correlações positivas entre experiência de trabalho e autoeficácia (,27, autoeficácia e controle (,53, crenças de agência pessoal e controle e autoeficácia (,67 e ,57, respectivamente. A análise de regressão logística multivariada mostrou que líderes com escores mais altos em estratégias de controle apresentaram escores mais altos em autoeficácia e agência. Conclusão: os resultados apontam o valor da experiência de trabalho, da autoeficácia e da agência para o envelhecimento e o enfrentamento dos estressores de trabalho, principalmente em tarefas que envolvem risco de vida, mostrando que as organizações deveriam valorizar sua mão de obra madura.

  7. Uso recente de álcool, tabaco e outras drogas entre estudantes adolescentes trabalhadores e não trabalhadores Recent use of alcohol, tobacco, and other drugs among working and nonworking adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Delma P. Oliveira de Souza

    2007-06-01

    Full Text Available Foi realizado um estudo transversal, de base populacional, para determinar a prevalência do uso recente de substâncias psicoativas em uma amostra probabilística de 798 adolescentes trabalhadores e de 1.493 não trabalhadores, matriculados na rede estadual de educação básica da área urbana de Cuiabá, Brasil. Um questionário de autopreenchimento foi aplicado em sala de aula, indagando sobre aspectos sociodemográficas, sociais e o consumo de substâncias psicoativas. Definiu-se uso recente como consumo realizado uma ou mais vezes nos trinta dias que antecederam à entrevista. A prevalência na amostra do uso recente de álcool, tabaco e outras drogas foi de 37,4%, 9,5% e 8,4%, respectivamente, sendo mais elevada entre os adolescentes trabalhadores do que entre os não trabalhadores (47,4% versus 32,1% RO = 1,91, IC95% 1,60-2,28; 13,6% versus 7,3% RO = 1,98, IC95% 1,49-2,63; 11,1% versus 6,9% RO = 1,68, IC95% 1,24-2,26. Na análise de regressão logística, o uso recente de álcool, tabaco e outras drogas manteve-se associado aos trabalhadores da faixa etária de 15-20 anos, do sexo masculino e baixo nível socioeconômico (C+D+E. Conclui-se que os resultados indicam que o uso recente de álcool, tabaco e outras drogas foi diferente entre os trabalhadores em comparação com os não trabalhadores, sugerindo que esses resultados podem orientar as ações articuladas de prevenção e tratamento à população adolescente.We carried out a cross-sectional, population-based study comparing the prevalence of recent psychoactive substance use in a probabilistic sample of 798 adolescent students that were also workers and of'1,493 that did not work. Students were enrolled in state Basic Education schools in the urban area of Cuiabá, Brazil. A self-administered questionnaire was completed by subjects in the classroom. This questionnaire included items on sociodemographic and school-related variables, as well as on the consumption of psychoactive

  8. Interações interpessoais e estresse entre policiais militares: um estudo correlacionali

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gleiber Couto

    2012-01-01

    Full Text Available Las relaciones interpersonales son interacciones entre el self y las personas que forman parte del círculo social del individuo. Ciertos tipos de relaciones interpersonales son fuentes de estrés. Los objetivos de este estudio fueron identificar cómo las interacciones interpersonales se relacionan con el estrés e investigar la validez del CLOIT-II. Asistieron a los cursos 327 estudiantes de formación de Oficiales de la Policía Militar de un estado brasileño, con edades comprendidas entre los 18 y los 49 años (M = 32, SD = 8. Los sujetos respondieron al Inventario de síntomas de estrés de Lipp (ISSL y al CLOIT II. Los resultados mostraron correlaciones positivas y significativas entre el estrés y las posiciones interpersonales hostiles y la falta de correlación con posiciones interpersonales amigables. Desde el punto de vista teórico, estos resultados proporcionan validez al CLOIT-II. Desde un punto de vista práctico, los resultados sugieren medidas para la atención institucional profiláctica.

  9. Comunicação entre usuários e trabalhadores de saúde em colegiados de Saúde da Família

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcelen Palu Longhi

    2013-02-01

    Full Text Available Atualmente, têm sido observados problemas relativos à comunicação nos fóruns de participação social da saúde. O presente estudo tem o objetivo de analisar a comunicação entre usuários e trabalhadores de saúde, em colegiados da Saúde da Família. O referencial teórico utilizado foi a Teoria da Ação Comunicativa de Habermas. Realizou-se uma pesquisa qualitativa. Os dados coletados revelaram duas dimensões que se entrelaçavam: distanciamentos e aproximações entre usuários e trabalhadores de saúde. Quanto aos distanciamentos, destacaram-se a presença de relações assimétricas, de coerção e de manipulação por parte dos trabalhadores de saúde, processos que prejudicam a participação dos usuários. Por outro lado, estiveram presentes momentos de interação e lutas por direitos, abordados nas aproximações entre usuários e trabalhadores de saúde. Por fim, consideramos que a comunicação nos colegiados da Saúde da Família apresenta potencialidades e limites, sendo que estes devem ser problematizados, especialmente, por meio da educação permanente em saúde.

  10. ESTRESSE E COPING ENTRE ENFERMEIROS DE UNIDADE HEMATO-ONCOLÓGICA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliane Umann

    2013-01-01

    Full Text Available Se analizaron estrés y estrategias de enfrentamiento utilizadas por enfermeros de Unidad de hematoncológicas de Hospital Universitario del Rio Grande do Sul, Brasil. Estudio descriptivo, transversal, cuantitativo, llevado a cabo entre marzo y abril de 2010. Se aplicaron formulario para caracterización sociodemográfica, el Inventario de Estrés en Enfermeras y la Escala de Afrontamiento Ocupacional en 18 enfermeras. Se identificaron 55,55% de enfermeros bajo estrés. Los "Factores intrínsecos al trabajo" y "Sentir tensión emocional con el trabajo" representaron mayor estrés a los enfermeros. Control fue el factor más utilizado para administrar los estresores y, en este factor, "Trato de hacer lo que creo que se espera de mí" la acción más utilizada para eso. Los enfermeros utilizaban estrategias centradas en el problema, consideradas las más efectivas para afrontar los estresores. Por eso, pueden tener evaluado el trabajo de unidad hematoncológicas como de baja tensión.

  11. PERCEPÇÕES SOBRE O ESTRESSE ENTRE PROFESSORES UNIVERSITÁRIOS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    EFRAIM CARLOS COSTA

    2005-01-01

    Full Text Available En esta pesquisa-de característica descriptiva-se analizaron las percepciones sobre el estrés, percibidas por profesores universitarios. Este estudio fue desarrollado en la Universidad Federal de Goiás. La recogida de datos se hizo a partir de entrevistas grabadas. Para el análisis fue utilizado el modelo de Bogdan & Biken. Participaron del estudio 71 profesores. Fueron identificadas 4 categorías: los docentes perciben indicadores de estrés, tales como dolor en el cuerpo, somnolencia, palpitación. Entre las causas del estrés perciben muchas exigencias, muchos empleos, falta de dinero, múltiples responsabilidades, problemas. En ese contexto ya presentaron enfermedades asociadas al estrés. Los docentes mencionan formas de lidiar con el estrés que visan disminuirlos por medio de estrategias de huída, encararlo de manera directa o indirecta. Se concluyó que los profesores perciben el estrés como un estado del organismo que deriva del proceso de encarar situaciones adversas con manifestaciones de naturaleza biológica, psíquica y social, que dejan consecuencias adversas a la salud, pudiendo ser minimizadas a través de algunas estrategias.

  12. Prevalência de tuberculose: infecção entre trabalhadores da Fabriljuta de Parintins

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mourad I. Belaciano

    1975-02-01

    Full Text Available Através do teste PPD procurou-se estabelecer o comportamento da infecção tuberculosa em uma fábrica de beneficiamento de juta, examinando 355 operários, áveis: divididos segundo as variádade: idade, sexo, tempo e local de serviço. Observou-se associação significativa entre maior prevalência de reatoresfortes e as variáveis: sexo e trabalho em local "não-aglomerado". Em termos globais, a prevalência de reatores fortes foi igual a 38%.

  13. Estresse e repercussões psicossomáticas em trabalhadores da área da enfermagem de um hospital universitário

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Belancieri de Fátima

    2004-01-01

    Full Text Available El objetivo de esta investigación fue describir los factores estresogénicos entre trabajadores de enfermería, identificando el nivel de estrés y las manifestaciones psicosomáticas auto-atribuidas. La población estuvo conformada por 300 trabajadores de enfermería, para la colecta de datos se utilizó el Inventario Faculty Stress Index (FSI. Los factores desencadenantes del estrés fueron: el control excesivo por parte de la institución; dificultades en las relaciones interpersonales, inobservancia de la ética por determinados colegas; actividades rutinarias y repetitivas; número excesivo de pacientes; ambiente de sufrimiento y muerte; sueldos insuficientes; falta de recreación; falta de apoyo y reconocimiento por parte de la institución, entre otros. Las manifestaciones psicosomáticas fueron: cansancio, tensión muscular, nerviosismo, irritabilidad, dolor lumbar, ansiedad, tensión pre-menstrual, cefaleas, problemas de memoria, depresión, entre otros. Delante de estos resultados, se observa la necesidad de estrategias para reducir el estrés en el ambiente de trabajo, promoviendo la salud y la calidad de vida del trabajador

  14. Occupational stress and self-rated health among nurses Estrés ocupacional y autoevaluación de salud entre profesionales de enfermería Estresse ocupacional e autoavaliação de saúde entre profissionais de enfermagem

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mariza Miranda Theme Filha

    2013-04-01

    ún potenciales variables de confusión, con nivel de significación de 5%. RESULTADOS: 70% de los entrevistados fueron clasificados como trabajadores pasivos o con alto desgaste. La autoevaluación de salud negativa fue significativamente mayor entre los profesionales con alta demanda y bajo control cuando comparada con aquellos con bajo desgaste, después de ajuste para covariables. CONCLUSIONES: el bajo control aliado a la baja demanda puede servir como factor de disuasión, contribuyendo para el aumento de la insatisfacción profesional. Se recomienda que las instituciones adopten una política de planificación y administración de recursos humanos con estímulo a la participación de los profesionales en las decisiones, objetivando reducción del estrés en el trabajo entre los trabajadores de enfermería. OBJETIVO: analisar a associação do estresse no trabalho com a autoavaliação da saúde entre os trabalhadores de enfermagem, nas unidades de emergências de hospitais públicos. MÉTODOS: trata-se de estudo seccional com aplicação de questionário autopreenchido em uma amostra de 134 profissionais, utilizando-se a versão resumida do Job Stress Scale. Foram realizadas análises descritivas das características sociodemográficas, de saúde e relacionadas ao trabalho, e análise multivariada, por meio de regressão logística não condicional para ajuste da associação entre estresse no trabalho e autoavaliação de saúde negativa, segundo potenciais variáveis de confusão, com nível de significância de 5%. RESULTADOS: setenta por cento dos entrevistados foram classificados como trabalhadores passivos ou com alto desgaste. A autoavaliação de saúde negativa foi significativamente maior entre os profissionais com alta demanda e baixo controle, quando comparada com aqueles com baixo desgaste, após ajuste para covariáveis. CONCLUSÕES: o baixo controle, aliado à baixa demanda, pode servir como fator desestimulador, contribuindo para o aumento da insatisfa

  15. Determinismo X autonomia: a saúde dos trabalhadores como um campo de luta entre classes sociais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Almeida, Rosângela da Silva

    2004-01-01

    Full Text Available O artigo faz uma reflexão sobre as estratégias dos trabalhadores ante as condições precarizadas de trabalho, no tempo presente, na lógica que tenciona o determinismo do modo capitalista de produção no processo de trabalho, e a autonomia dos trabalhadores para intervir no mesmo. Desse modo, busca evidenciar as condições em que se constroem tais estratégias, na busca da garantia de direitos e de novos caminhos de transformação da realidade no trabalho

  16. Fatores associados à imunização contra Hepatite B entre trabalhadores da Estratégia Saúde da Família

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Andréa Maria Eleutério de Barros Lima Martins

    2015-02-01

    Full Text Available Estudo transversal conduzido entre trabalhadores da Estratégia Saúde da Família de Montes Claros. Objetivo: investigar o relato de vacinação contra Hepatite B, a verificação da imunização e os fatores associados às dosagens de anti-HBs. Método: coletaram-se amostras de sangue daqueles que relataram ter recebido uma ou mais doses da vacina. Avaliou-se a associação da dosagem de anti-HBs com condições sociodemográficas, ocupacionais e comportamentais. As associações foram verificadas pelos testes Mann Whitney e Kruskal Wallis e correlação de Spermann seguida pela regressão linear, utilizou-se o SPSS® 17.0. Resultados: dentre os 761 entrevistados, 504 (66,1% foram vacinados, 52,5% tomaram três doses, 30,4% verificaram a imunização. Dos 397 avaliados quanto à dosagem de anti-HBs, 16,4% estavam imunes. Conclusão: constatou-se que o maior tempo de trabalho foi associado a níveis mais elevados de anti-HBs, enquanto os níveis de tabagismo foram inversamente associados ao anti-HBs. Há necessidade de campanhas de vacinação entre esses trabalhadores.

  17. Fontes cotidianas de estresse entre mulheres portadoras de HIV Daily sources of stress among HIV-positive women

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leticia Gaspar Tunala

    2002-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Categorizar e descrever as fontes de estresse cotidianas de mulheres portadoras do vírus da imunodeficiência humana (HIV. MÉTODOS: Foram realizadas entrevistas individuais, por meio de um questionário semi-estruturado, com uma amostra consecutiva de 150 mulheres portadoras do HIV, de julho a dezembro de 1997, no Centro de Referência e Tratamento de Doenças Sexualmente Transmissíveis e Aids (CRT DST/Aids (Secretaria de Estado da Saúde, SP. As variáveis investigadas foram: dados demográficos, estrutura familiar, percepção de risco, sexualidade, acesso ao sistema de saúde, adesão ao tratamento, uso de álcool e drogas, evento significativo e evento estressante, sendo este o foco de discussão do artigo. RESULTADOS: Apenas 14% dos eventos estressantes são diretamente resultados do tratamento ou do adoecimento. Os relatos das fontes de estresse foram distribuídos nos seguintes assuntos: familiares (17%; relacionamento com o parceiro (12%; filhos (14%; enfermidade (14%; relacionamento com outras pessoas (9%; problemas financeiros (8% e profissionais (7%; vivências de discriminação (7%; outros (4%; e não responderam (8%. CONCLUSÕES: As fontes de estresse apresentam principalmente um conteúdo afetivo-relacional, derivadas muitas vezes do estigma associado ao HIV e, na maioria das vezes, a temas comuns a todas as mulheres. Os profissionais de saúde deveriam oferecer cuidado integral às mulheres portadoras do HIV.OBJECTIVE: To categorize and describe the daily sources of stress encountered by HIV-infected women. METHODS: Using a semi-structured questionnaire, 150 interviews were conducted among HIV-infected women who attended the Reference and Treatment Center for Sexually Transmitted Diseases and Aids in the state of São Paulo, Brazil, between July and December 1997. The studied variables were: demographics, family structure, risk perception, sexuality, access to health system, treatment compliance, drug use, and

  18. O estresse entre enfermeiros que atuam em Unidade de Terapia Intensiva El estrés entre enfermeros que actúan en las Unidades de Terapia Intensiva Stress among nurses who work at the intensive care unit

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vivian Aline Preto

    2009-12-01

    Full Text Available A presença de estresse tem sido verificada em diferentes profissionais e também entre enfermeiros de UTI, pelo fato de ser grande sua proximidade com os pacientes em sofrimento e com risco de morte. Esse fato se agrava devido à necessidade de cuidados diretos e intensivos. Este estudo, seguindo uma metodologia quantitativa, objetivou caracterizar os enfermeiros que desenvolvem suas atividades em UTI e verificar a presença de estresse entre eles. Para isso, vinte e um enfermeiros de UTIs de cinco hospitais do interior do estado de São Paulo responderam a um roteiro de perguntas direcionadas a sua caracterização e ao Inventário do Estresse em Enfermeiros. Os resultados mostraram que 57,1% dos enfermeiros estudados consideraram a UTI um local estressante e 23,8% deles apresentaram um escore elevado, indicando a presença de estresse. Tal fato demonstra que o estresse, mesmo sendo discutido desde longa data, ainda acomete esses profissionais, e as instituições ainda não oferecem atenção especial aos enfermeiros no sentido de promover sua saúde integral.La presencia de estrés ha sido verificada en diferentes profesionales y también entre enfermeros de UTIs, debido al hecho de su gran proximidad con los pacientes en sufrimiento y con riesgo de muerte. Ese hecho se agrava debido a la necesidad de prestar cuidados directos e intensivos. Este estudio, siguiendo una metodología cuantitativa, objetivó caracterizar los enfermeros que desarrollan sus actividades en la UTI y verificar la presencia de estrés entre ellos. Para esto, veintiún enfermeros de UTIs de cinco hospitales del interior del estado de São Paulo respondieron un cuestionario de preguntas dirigidas a su caracterización y al Inventario del Estrés en Enfermeros. Los resultados mostraron que 57,1% de los enfermeros estudiados consideraron la UTI un local causador de estrés y 23,8% de ellos presentaron un puntaje elevado, indicando la presencia de estrés. Este hecho

  19. Drug abuse among workers in Brazilian regions Uso de drogas entre trabalhadores de regiões do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ovandir Alves Silva

    2004-08-01

    Full Text Available OBJECTIVE: Many business organizations in Brazil have adopted drug testing programs in the workplace since 1992. Rehabilitation, rather than layoff and disciplinary measures, has been offered as part of the Brazilian employee assistance programs. The purpose study is to profile drug abuse among company workers of different Brazilian geographical regions. METHODS: Urine samples of 12,700 workers from five geographical regions were tested for the most common illicit drugs of abuse in the country: marijuana, cocaine, and amphetamine. Enzyme multiplied immunoassay technique (EMIT and gas chromatography coupled with mass spectrometry (GC/MS were the techniques utilized for urine testing. The distribution of collected urine samples according to geographical regions was: 72.0% southeast, 13.8% northeast, 7.9% south, 5.7% central west and 0.6% north. RESULTS: Of all samples analyzed, 1.8% was found to be positive for drugs: 0.5% from the south region, 1.1% from northeast, 1.2% from central west, 1.3% from north, and 2.2% from southeast. Of these, 59.9% was marijuana, 17.7% cocaine, 14.6% amphetamine, and 7.7% associated drugs. CONCLUSIONS: The distribution of drugs found in the samples shows a regional variation. Marijuana, however, was found in all regions. Cocaine was seen only in central west and southeast regions. Amphetamine was found in northeast, central west, and southeast regions.OBJETIVO: No Brasil, desde 1992, inúmeras empresas comerciais e industriais vêm adotando programas de controle do uso de drogas de abuso no ambiente de trabalho. Nenhuma medida disciplinar ou demissionária é tomada sem antes se tentar a reabilitação do funcionário. O objetivo do estudo é apresentar o perfil do uso de drogas de abuso entre trabalhadores de diferentes empresas brasileiras. MÉTODOS: Amostras de urina de 12.700 indivíduos provenientes das cinco regiões geográficas brasileiras foram analisadas visando à detecção das principais drogas de abuso

  20. Riscos e acidentes entre trabalhadores rurais de usina na região da mata norte do estado de Pernambuco

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Henrique Miguel de Lima Silva

    2016-11-01

    Full Text Available A ação repetitiva e o esforço físico podem provocam acidentes como os cortes, quedas, torções, causarem problemas nas colunas e pés, além de cãibras e tendinites. Diante deste cenário, o presente estudo  objetivou analisar os riscos  que ocasionam  acidentes de trabalho numa área de usina de açúcar e álcool na Zona da Mata Norte do Estado de Pernambuco.  Foram analisados através de pesquisa de campo de caráter quantitativa, por amostragem com aplicação de um questionário, com aspectos investigativos, os tipos de acidentes com maiores frequências, gravidades e quantos dias que este acidente afastou o trabalhador de sua atividade laboral, para assim, compreender e prevenir esses riscos que se acentuam nos canaviais,. Os trabalhadores recebem os EPI’s, mas não os usam corretamente, utilizando pedra de esmeril para amolar o facão de forma insegura, causando ferimento na mão, dependendo da gravidade o trabalhador pode ficar em media de 7 a 10 dias afastado. É organizada uma força tarefa no campo com a participação dos Gerentes do campo, Técnicos agrícolas liderem de turma e em especial os técnicos do Serviço Especializado em Segurança do Trabalho Rural – SESTR com a realizaçãode treinamentos no canavial, educando e conscientizando cada trabalhador sobre a importância de se proteger. O campo recebe esta visita duas vezes por semana, incluindo a presença da Enfermeira do Trabalho desta forma o índice de acidente por amolar o facão reduziu em média de 70%. Case study on risks and accidents among rural workers of a plant marta Pernambuco northAbstract: The repetitive action and physical exertion can cause accidents such as cuts, falls, sprains, causing problems in columns and feet, as well as cramps and tendonitis. In this scenario, this study aimed to analyze the risks that cause workplace accidents in an area of sugar and alcohol plant in the Zona da Mata Norte of Pernambuco. Were analyzed by quantitative

  1. Estresse como preditor da Síndrome de Burnout em bancários

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jorge Artur Peçanha de Miranda Coelho

    2018-03-01

    Full Text Available Estudo transversal com o objetivo de avaliar o estresse no trabalho e a sua associação com a síndrome de burnout. Contou-se com a participação de 217 trabalhadores bancários, com idade variando de 19 até 59 anos (Média = 38,4; DP = 10,4, sendo 55,8% mulheres, de agências públicas e privadas de 38 cidades em 14 estados brasileiros. Os participantes responderam, por meio de um questionário eletrônico, aos seguintes instrumentos: (1 Inventário de Burnout de Maslach (MBI; (2 Escala de Estresse no Trabalho (EET; (3 Questionário Sociodemográfico. Para atender ao objetivo proposto, foram utilizadas estatísticas descritivas de parametrização simples (p. ex., média, desvio padrão, teste qui-quadrado, correlação r de Pearson e Regressão Linear Múltipla. Os resultados encontrados mostram que os constructos avaliados devem ser criteriosa e continuamente estudados, em função de os medianos e altos níveis de exposição ao estresse ocupacional estarem associados ao esgotamento, denotando indícios de que fatores específicos da profissão bancária podem se tornar responsáveis por transtornos mentais entre os trabalhadores.

  2. Diabetes mellitus: fatores de risco, ocorrência e cuidados entre trabalhadores de enfermagem Diabetes mellitus: factores de riesgo, ocurrencia y cuidados entre trabajadores de enfermería Diabetes mellitus: occurrence of risk factors and care among nursing workers

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Darlene Mara dos Santos Tavares

    2010-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Identificar a ocorrência de Diabetes Mellitus (DM, os fatores de risco, o estresse e o cuidado com a saúde realizado pelos trabalhadores de enfermagem diabéticos. MÉTODOS: Estudo descritivo realizado com 418 profissionais de enfermagem de um hospital universitário. Os dados foram coletados por meio de instrumento semiestruturado e analisado, utilizando-se a distribuição de freqüência, teste qui-quadrado (pOBJETIVO: Identificar la ocurrencia de Diabetes Mellitus (DM, los factores de riesgo, el estrés y el cuidado con la salud realizado por los trabajadores de enfermería que son diabéticos. MÉTODOS: Estudio descriptivo realizado con 418 profesionales de enfermería de un hospital universitario. Los datos fueron recolectados - por medio de un instrumento semi-estructurado - y analizados, utilizando la distribución de frecuencias, prueba chi-cuadrado (pOBJECTIVE: To identify the occurrence of Diabetes Mellitus (DM, risk factors, stress and health-care activities performed by diabetic nursing workers. METHODS: This is a descriptive study with 418 professional nurses, working at a university hospital. Data were collected through a semi-structured instrument and were analyzed using the frequency distribution, the chi-square test (p <0.05 and the odds ratio. RESULTS: Most of the professionals were female and had between 20 and 30 years of age. All risk factors for DM were present, including the factors that can be modified. It was found a larger proportion of diabetic workers that had: overweight; arterial hypertension and capillary blood glucose altered, when compared to those without the disease. It was not found an increased likelihood of developing DM among nursing workers who reported stress. The workers with DM did not attend to the monthly follow up(69.2%; they were treated in private services (70%; and, they did not participate in educational activities (92.3%. CONCLUSION: It is necessary to develop health actions aimed

  3. Lazer, a vida além do trabalho para uma equipe de futebol entre trabalhadores de hospital El ocio, la vida más allá del trabajo para un equipo de fútbol entre trabajadores de hospital Leisure, life besides work for a soccer team of hospital workers

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosângela Andrade Aukar de Camargo

    2003-08-01

    Full Text Available Visando a promoção da saúde mental do trabalhador, e minimizar o estresse e fadiga no cotidiano profissional, investigamos o significado do trabalho, do lazer e suas implicações, para 24 homens, trabalhadores de um hospital-escola paulista, que integram uma equipe de futebol, freqüentadores da associação recreativa desta unidade. Optamos pela Pesquisa Ação, numa abordagem humanista, qualitativa, analisando as falas por categorização, subsidiando a elaboração do projeto educativo. Coletamos dados através de entrevistas e observação participante e a fotografia como instrumento de apoio. Os pesquisados, na maioria casados, com filhos, recebendo, em média, R$ 650,00, trabalham em locais próximos, favorecendo os contatos para os jogos. Para eles, o trabalho, garante a sobrevivência pessoal e familiar, e o lazer, diversão, descanso, integração e valorização da família e dos amigos. Evidenciam a importância do desafio no futebol, meio propulsor de promoção de saúde, resgate da auto-estima, alegria, liberdade, criatividade, espontaneidade, preparando-o melhor para a vida pessoal e profissional.Buscando la promoción de la salud mental del trabajador, en detrimento del estrés y la fatiga en el cotidiano profesional, investigamos el significado del trabajo y ocio para ellos, averiguando sus implicaciones en el cotidiano. En la Investigacion Acción utilizamos el abordaje humanista, cualiquantitativo, analizando datos por categorización. Investigamos 24 hombres, trabajadores de un hospital-escuela de una ciudad del Estado de São Paulo (Brasil, lo cuales frecuentan una asociación recreativa de esa institución y participan de uno equipo de fútbol. Buscamos lo datos por medio de entrevistas y observación participante, utilizando formulario y foto. En el análisis por categorización, los participantes se revelaron en su mayoría casados, con hijos, recibiendo en promedio R$650,00(seiscientos cincuenta reales U$ 220 dolares

  4. PRÁTICAS EDUCATIVAS DOS TRABALHADORES DE ENFERMAGEM DE UM HOSPITAL DO VALE DO RIO PARDO: CLASSE, CULTURA E FORMAÇÃO NAS RELAÇÕES ENTRE OBJETIVIDADE E SUBJETIVIDADE

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aline Mesquita Corrêa

    2014-11-01

    Full Text Available O artigo reflete resultados parciais da pesquisa Práticas Educativas dos Trabalhadores de Enfermagem de um Hospital do Vale do Rio Pardo: Classe, Cultura e Formação nas Relações entre Objetividade e Subjetividade, que integra as atividades do grupo de pesquisa Trabalho e Tempo Livre: Educação, Trabalho e Humanização do Mestrado em Educação da Unisc. O objetivo principal é descrever e analisar a produção de saberes que ocorre nas relações de produção e especificamente nas relações informais da prática social dos trabalhadores de enfermagem de uma unidade hospitalar. Sua relevância está associada ao significado de uma melhor compreensão das relações entre os saberes contidos nos protocolos institucionais e os que estão presentes na atividade realizada pelos trabalhadores. Buscamos apoio teórico no materialismo histórico e dialético, na psicologia do trabalho e na ergologia. A metodologia utilizada são questionários, entrevistas do tipo semiestruturada, histórias de vida e grupos de discussão.

  5. Relações entre abuso sexual na infância, transtorno de estresse pós-traumático (TEPT) e prejuízos cognitivos

    OpenAIRE

    Borges,Jeane Lessinger; Dell'Aglio,Débora Dalbosco

    2008-01-01

    Este estudo teórico aponta as relações entre abuso sexual infantil, transtorno de estresse pós-traumático (TEPT) e prejuízos cognitivos. A perspectiva cognitiva dos efeitos do abuso sexual e do TEPT foi adotada nesta revisão. O abuso sexual contra crianças pode ser considerado um fator de risco para o desenvolvimento infantil, devido às severas seqüelas cognitivas, emocionais e comportamentais relacionadas à sua ocorrência, podendo seu impacto envolver efeitos a curto e longo prazos e estende...

  6. Estresse percebido em profissionais da Estratégia Saúde da Família

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Bernardo Leonelli

    Full Text Available RESUMO: Objetivo: Avaliar o estresse percebido (EP de profissionais da Estratégia de Saúde da Família (ESF e a associação com características das equipes. Também foi investigada a ocorrência de associação entre EP e morbidade autorreferida. Métodos: Trata-se de estudo transversal com 450 trabalhadores de 60 equipes em 12 Unidades Básicas de Saúde (UBS, em uma região de São Paulo. As diferenças entre o escore total da Escala de Estresse Percebido e suas associações com as características individuais e das equipes foram avaliadas por meio de modelos múltiplos de regressão linear. Resultados: Observaram-se níveis mais elevados de EP naqueles com tempo de trabalho igual ou superior a um ano na mesma equipe, nas categorias de médicos, enfermeiros e agentes comunitários de saúde, gênero feminino, em não praticantes de credos religiosos, e em profissionais de UBS com equipes incompletas (ausência do médico. Menor estresse percebido foi encontrado em viúvos. Observou-se que indivíduos com níveis mais elevados de EP têm mais chance de relatar problemas crônicos de saúde. Conclusão: Conclui-se que a percepção de estresse na população estudada está associada a fatores individuais, profissionais, e à composição das equipes nas unidades básicas de saúde.

  7. Hipertensão arterial entre trabalhadores de petróleo expostos a ruído Arterial hypertension among oil-drilling workers exposed to noise

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Norma Suely Souto Souza

    2001-12-01

    Full Text Available Realizou-se um estudo transversal, com componente retrospectivo, buscando analisar a exposição ocupacional a ruído como possível fator de risco para a hipertensão arterial entre 775 trabalhadores de uma área de perfuração de petróleo. Considerou-se hipertensos os trabalhadores com pressão sangüínea > ou = 140/90mmHg. A exposição ocupacional a ruído foi avaliada através de dois indicadores: (1 exposição à pressão sonora > ou = 85dbA por 10 ou mais anos e (2 perda auditiva induzida pelo ruído (PAIR de moderada a severa. Os efeitos da idade, escolaridade, trabalho de turno e obesidade foram avaliados através de técnicas de estratificação e análise de regressão logística. Associação positiva entre exposição ocupacional a ruído e hipertensão arterial foi evidenciada, usando-se tanto nível/duração de exposição a ruído (RP = 1,8; IC 95%: 1,3-2,4, quanto diagnóstico de PAIR (RP = 1,5; IC 95%: 1,1-2,0 como indicadores de exposição. Considerados os limites do estudo, exposição ocupacional prolongada a ruído parece ser um fator de risco para a hipertensão arterial.A cross-sectional study with a retrospective component was conducted to evaluate occupational noise exposure as a potential risk factor for arterial hypertension among 775 workers from an oil-drilling industry. Hypertension was defined as > or = 140/90mmHg. Occupational noise exposure was measured as: (1 exposure to sound pressure levels > or = 85dbA for 10 years or more and (2 moderate-to-severe noise-induced hearing loss (NIHL. The effects of age, education, shift work, and obesity were evaluated by stratification and logistic regression analysis. A positive association between occupational noise exposure and hypertension was found, using both the level/duration of noise exposure (RP = 1.8; 95% CI: 1.3-2.4 and NIHL (RP = 1.5; 95% CI: 1.1-2.0 as exposure indicators. Considering the study limits, long-term occupational noise exposure thus appears to

  8. Qualidade de sono, atividade física durante o tempo de lazer e esforço físico no trabalho entre trabalhadores noturnos de uma indústria cerâmica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elaine Cristina Marqueze

    Full Text Available Este estudo teve o objetivo de verificar a relação entre qualidade do sono e atividade física durante o tempo de lazer entre trabalhadores noturnos com um elevado esforço físico no trabalho (média de 14.245; DP 3.456 kcal/semana. Também foi avaliada a relação entre a qualidade do sono e o nível do esforço físico no trabalho. Um total de 19 trabalhadores noturnos de uma indústria cerâmica respondeu o índice da qualidade do sono de Pittsburgh (PSQI e o questionário internacional da atividade física (IPAQ. Foi calculado o dispêndio calórico total por semana para cada trabalhador através do equivalente metabólico (METs. Os trabalhadores foram distribuídos em dois grupos, de acordo com os escores do PSQI. Foi realizada a análise descritiva dos dados por meio de médias, valores mínimo e máximo, proporções e desvios-padrão. A relação entre qualidade do sono e atividade física foi avaliada pelo teste Mann-Whitney. O grupo de qualidade do sono ruim mostrou nível mais elevado de gasto energético no trabalho que o outro grupo, o que sugere uma relação entre gasto energético no trabalho e qualidade de sono. Distúrbios do sono e sonolência diurna também contribuíram para a qualidade de sono ruim. Esses resultados, embora preliminares, revelam uma tendência de que o elevado esforço físico no trabalho noturno contribui para baixa qualidade de sono.

  9. Condição ocular entre trabalhadores de uma indústria metalúrgica brasileira Ocular condition in a brazilian ironmaster industry

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Thais Zamudio Igami

    2008-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a condição ocular em população de trabalhadores de uma indústria metalúrgica paulista. MÉTODOS: Amostra de 2516 funcionários de uma fábrica na cidade de São Paulo foi submetida a uma avaliação oftalmológica como exame ocupacional periódico. Foi aplicado um questionário e realizado o exame de acuidade visual (Snellen e teste de Ishihara. Os funcionários com acuidade visual menor que 0,7 ou com diferenças maior que duas linhas ou que apresentassem alguma queixa ocular, passaram por avaliação complementar (biomicroscopia, refração, tonometria e fundo de olho. Prescreveu-se óculos conforme indicação. RESULTADOS: Houve predomínio do sexo masculino (62,5% e faixa etária de 20 a 29 anos (41%. A maioria não apresentava antecedentes oculares (97,6% ou sistêmicos (96,6%.A acuidade visual estava acima de 0,7 em 95,5% dos olhos e 84% não utilizavam correção. O diagnóstico final foi exame normal em 55% dos casos, presbiopia em 13.6%, astigmatismo miópico em 10% e hipermetrópico em 7,7% dos indivíduos. Baixa visão foi encontrada em 2,4%, cegueira unilateral em 0,4%, não havendo casos de cegueira ou de deficiência visual entre os trabalhadores. As principais causas de baixa visão foram erros refrativos e ambliopia. CONCLUSÃO: A maioria dos funcionários da indústria pesquisada apresentava exame oftalmológico normal e nenhum deles apresentava cegueira bilateral.PURPOSE: To evaluate the ocular condition in a brazilian ironmaster industry. METHOD: A prospective study was conducted in 2516 employees from an ironmaster brazilian industry in São Paulo city, Brazil. A questionnaire was applied and visual acuity and Ishihara test were performed in every individual. A complete ophthalmic evaluation (slit lamp examination, fundoscopy, tonometry and refractometry was done when the visual acuity was worse than 0.7 or when the worker had a greater diference between the eyes (more than two lines or when there were

  10. Uso de drogas entre trabalhadores precoces na atividade de malabares Uso de drogas entre trabajadores precoces en la actividad de malabarista Use of drugs between precocious workers in the activity of jugglers

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniele Cristine da Silva Cirino

    2009-09-01

    Full Text Available O presente estudo objetiva identificar os fatores que motivam o uso de drogas entre meninos trabalhadores em condição de rua na cidade de João Pessoa - PB, caracterizar a atividade de trabalho de malabares e relacionar o trabalho precoce e o uso de drogas com as perspectivas de futuro destes sujeitos. A pesquisa desenvolveu-se através da territorialização, observação e registro assistemático e entrevistas semiestruturadas, com dados analisados a partir da análise de conteúdo de Bardin (1979. Foram entrevistados seis sujeitos, entre 11 e 16 anos, todos do sexo masculino. As drogas utilizadas por eles foram bebidas alcoólicas, cigarro, cola e maconha. Os motivos para o uso foram a imposição do grupo e o desconhecimento dos reais efeitos das drogas. Constatamos ainda que, para os trabalhadores precoces no setor informal urbano, há construção de perspectivas de futuro, vislumbradas através da inserção profissional quando adultos, possível de se concretizar a partir da escola.Esta investigación trata de identificar los factores que motivan el uso de drogas entre niños trabajadores en condición de calle de la ciudad de João Pessoa - PB; caracterizar la actividad de trabajo de malabaristas y relacionar trabajo precoz y uso de drogas con las perspectivas de futuro de estos niños. Se utilizó como técnicas: "territorialización" (conocimiento previo del sitio, observación y registro no sistemáticos y entrevistas semidirigidas, con datos analizados por medio del análisis de contenido de Bardin (1979. Fueron entrevistados 06 niños, entre 11 y 16 años, del sexo masculino. Las drogas utilizadas por ellos fueron bebidas alcohólicas, cigarrillo, inhalantes y marihuana. Los motivos para el uso fueron: imposición del grupo y desconocimiento de los efectos reales de las drogas. Constatamos, todavía, que existe construcción de perspectivas de futuro para estos trabajadores a partir de la inserción profesional cuando adultos

  11. Estressores e atenuantes de estresse entre idosos em tratamento hemodialítico = Stressors and stress attenuating factors among elderly subjects in hemodialysis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Stumm, Eniva Miladi Fernandes

    2013-01-01

    Full Text Available Objetivo: Conhecer e analisar estressores e fatores atenuantes do estresse vivenciados por idosos que realizam hemodiálise. Materiais e Métodos: Estudo qualitativo, com 15 idosos, realizado em 2010, em uma Unidade Renal hospitalar do noroeste do Rio Grande do Sul. Instrumentos de coleta de dados: entrevista semiestruturada, dados de caracterização e observações em diário de campo. Análise dos resultados seguiu preceitos da análise de conteúdo. Resultados: O idoso pesquisado convive com vários estressores no seu cotidiano: restrições alimentar e hídrica, não poder trabalhar, dificuldade de aceitar a doença e tratamento, deslocamento para tratamento, fraqueza, dispneia, disfunção erétil, déficit visual, a própria fístula arteriovenosa e/ou cateter vascular, medo da máquina dialisadora, sentimento de culpa, mudanças na autoimagem, autoestima, perda de autonomia. Os atenuantes de estresse compreendem: apoio da família, resignação, aceitação, crença religiosa e expectativa de transplante renal. Conclusão: O estudo possibilita a identificação de estressores e fatores atenuantes de estresse nos idosos pesquisados

  12. Prevalência de Diabetes Mellitus autorreferida entre trabalhadores de enfermagem Self-reported prevalence of Diabetes Mellitus among nursing workers

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cássia Andrade Martins

    2010-10-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Verificar a prevalência de Diabetes Mellitus autorreferida em trabalhadores de enfermagem de um hospital universitário; identificar os principais fatores de risco para o Diabetes Mellitus (DM e, entre os que já possuem a doença, identificar as dificuldades relacionadas a seu controle. MÉTODOS: Estudo epidemiológico transversal, realizado no período de agosto de 2007 a janeiro de 2008. Foram entrevistados 1.287 profissionais de enfermagem (82%, utilizando-se questionário contendo 22 questões fechadas. A análise dos dados foi realizada pelos testes Qui-quadrado e exato de Fisher. O teste t de Student foi empregado para as variáveis contínuas. RESULTADOS: Observou-se a prevalência de 3% de DM autorreferida. Os principais fatores de risco reconhecidos foram: idade, sexo, peso e histórico familiar. Detectou-se que o plantão noturno concentrava mais da metade dos diabéticos. CONCLUSÃO: A prevalência de DM autorreferida nesse hospital foi menor do que a esperada para a cidade de São Paulo. Dentre os fatores de risco encontrados, o sobrepeso é o único modificável. O plantão noturno concentra a maioria dos funcionários com diabetes.OBJETIVOS: Verificar la prevalencia de Diabetes Mellitus autorreferida en trabajadores de enfermería de un hospital universitario; identificar los principales factores de riesgo para la Diabetes Mellitus (DM y, entre los que ya poseen la enfermedad, identificar las dificultades relacionadas a su control. MÉTODOS: Se trata de un estudio epidemiológico transversal, realizado en el período de agosto de 2007 a enero de 2008. Fueron entrevistados 1.287 profesionales de enfermería (82%, utilizando un cuestionario que contenía 22 preguntas cerradas. El análisis de los datos fue realizado con las pruebas Chi-cuadrado y exacta de Fisher. La prueba t de Student fue empleada para las variables continuas. RESULTADOS: Se observó una prevalencia de 3% de DM autorreferida. Los principales factores

  13. Estresse em mulheres com Diabetes mellitus tipo 2

    OpenAIRE

    Lessmann, Juliana Cristina; Silva, Denise Maria Guerreiro Vieira da; Nassar, Silvia Modesto

    2011-01-01

    OBJETIVO: O objetivo do estudo foi investigar a relação entre estresse e Diabetes Mellitus Tipo 2 em mulheres. MÉTODO: Estudo transversal prospectivo, desenvolvido com 147 mulheres, utilizando a Escala de Estresse Percebido (PSS). RESULTADOS: Houve associação entre as variáveis testadas, sendo possível inferir que as mulheres com estresse elevado são as que vivenciaram sofrimento e apresentam controle glicêmico alterado, ou seja, com valores superiores a 180 mg/dL. A maioria relatou sofriment...

  14. Ampliando o diálogo entre trabalhadores e profissionais de pesquisa: alguns métodos de pesquisa-intervenção para o campo da Saúde do Trabalhador

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tatiana Ramminger

    2013-11-01

    Full Text Available O artigo discute alguns métodos que enfatizam formas coletivas e compartilhadas de análise das relações que se estabelecem no e com o trabalho, em relação sinérgica com a experiência dos protagonistas do trabalho. Pode-se caracterizá-los como métodos de pesquisa-intervenção que apresentam contribuições importantes para o campo da Saúde do Trabalhador, alguns dos quais desenvolvidos no âmbito da Psicologia do Trabalho. Métodos que tem como sua referência a "enquete operária" de Karl Marx, destacando-se as contribuições de algumas das Clínicas do Trabalho - considerando-se a presença de afinidades teórico-metodológicas e diferenças - como o Modelo Operário Italiano de luta pela saúde, a Ergonomia da Atividade e a Psicodinâmica do Trabalho. Em seguida, discute-se a proposta avançada pela Ergologia - o Dispositivo Dinâmico de Três Polos - e uma de suas configurações que vem sendo desenvolvida no Brasil, a Comunidade Ampliada de Pesquisa.

  15. Promoção da saúde entre jovens trabalhadores de micro e pequenas empresas da Central de Abastecimento de Campinas, SP

    OpenAIRE

    Valéria Aparecida Masson

    2012-01-01

    Resumo: Este estudo sobre condições de trabalho, aspectos de saúde e capacidade para o trabalho de jovens trabalhadores de um Entreposto Hortifrutigranjeiro de Campinas visa à promoção da saúde no local de trabalho. Trata-se de estudo de intervenção de delineamento quase-experimental. Foram realizadas entrevistas com 42 jovens na faixa etária de 15 a 29 anos, selecionados no local de trabalho, de maneira intencional, com o objetivo de avaliar a capacidade para o trabalho e os fatores de estil...

  16. Aspectos atuais da relação entre exercício físico, estresse oxidativo e magnésio Current aspects of the relationship between physical exercise, oxidative stress and magnesium

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aline Guimarães Amorim

    2008-10-01

    Full Text Available Este trabalho visa a contribuir com informações atualizadas sobre a relação entre exercício, estresse oxidativo e magnésio. São escassos os trabalhos que discutem a produção de radicais livres nesse contexto. A deficiência de magnésio altera a fluidez das membranas celulares e mitocondriais e promove perturbações na homeostase do cálcio e na atividade das defesas antioxidantes. No exercício, a falta de magnésio nos tecidos musculares os torna mais suscetíveis à infiltração de macrófagos e neutrófilos e ao rompimento do sarcolema, dificultando o processo de regeneração e podendo ocasionar queda no desempenho físico. Conclui-se que o papel metabólico da deficiência de magnésio no estresse oxidativo induzido pelo exercício deve ser mais pesquisado, focalizando os seus efeitos na musculatura esquelética em indivíduos que praticam exercício regular e na deficiência marginal de magnésio.This article contributes to updated information about the relationship between exercise, oxidative stress and magnesium. There are few studies that discuss free radical production in this context. Magnesium deficiency alters cellular and mitochondrial membrane fluidity and promotes disturbances on calcium homeostasis and on the activity of antioxidant defenses. During exercise, lack of magnesium in muscle tissue turns them more susceptible to macrophage and neutrophil infiltration and to sarcolema damage, impairing the regeneration process and leading to decreased physical performance. In conclusion, the metabolic role of magnesium deficiency on exercise-induced oxidative stress should be further researched, focusing on its effects on skeletal muscle in individuals who practice regular physical exercise and in marginal magnesium deficiency.

  17. A Educação da Infância entre os trabalhadores rurais sem terra Infant Education Among Rural Landless Workers

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    2006-11-01

    Full Text Available As diferentes abordagens teóricas tracejadas historicamente sobre a infância têm nos permitido reconhecê-la em processo de construção. Além disso, é possível perceber na dinâmica dessa constituição os vários aspectos das situações que estamos vivendo em relação à educação infantil, manifestações que podemos observar nos diferentes grupos e classes sociais, dentre outros. Assim, explicitaram-se determinadas preocupações, inquietações, tensões e conflitos nesse movimento e originou-se a necessidade de investigar a vida infantil, com o pretexto de realizar um estudo descritivo e explicativo sobre a educação da infância, em um grupo específico de trabalhadores rurais, pertencentes a um movimento social organizado que luta por melhores condições de vida e trabalho, contra a expropriação, exploração e alienação. Um dos objetivos centrais do grupo é a luta pela terra. Desenvolvemos esta pesquisa no Acampamento Oziel do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST, no município de Goiânia em 2001. Diante dessas premissas, é que nos motivamos a transformar a educação da infância em nosso objeto de estudo, analisando como os trabalhadores rurais sem terra concebem a educação das crianças de seu grupo, como representam e pensam o processo educativo. PALAVRAS-CHAVE: Educação da infância - Grupo de trabalhadores rurais - Processo educativo. The different theoretical approaches historically traced involving infancy have allowed us to recognize it in construction processes. Moreover, it is possible to notice, in the dynamics of this constitution, the many aspects that create the situations we are now living in relation to infant education, manifestations that we can observe in different social groups and classes, among others. With this perception, certain preocupations, queries, tensions and conflicts arised in this movement, originating the need to investigate infant life, with the aim of

  18. Stress and depression among students of the last semester in two nursing courses El estrés y la depresión entre los estudiantes de ultimo periodo de dos cursos de enfermería Estresse e depressão entre alunos do último período de dois cursos de enfermagem

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Danila Perpétua Moreira

    2013-02-01

    : r-0, 755 y p OBJETIVO: identificar a presença de estresse e depressão entre estudantes do último ano de dois cursos de enfermagem e a associação entre essas variáveis. MÉTODO: estudo exploratório descritivo, realizado com alunos do último ano dos cursos de bacharelado e licenciatura da Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo. Aplicou-se Escala de Estresse Percebido-EEP e Inventário de Depressão de Beck-IDB. RESULTADOS: dos 88 sujeitos da amostra, 69,8% não apresentaram sinais de depressão, 18,2% apresentaram disforia, 6,8% têm depressão moderada e 5,7% depressão grave, índice baixo, em relação à população geral. Níveis médios de estresse foram os mais frequentes (76,9%. Não houve diferença significativa nos escores de estresse entre os dois grupos de alunos (t de Student: p=0,295>0,05. Os dados revelaram relação do estresse com a presença de sinais indicativos de depressão, especialmente na depressão grave (Pearson: r-0,755 e p<0,01. Discussão: a maioria não apresentou sinais de depressão. Os estados depressivos, entre os estudantes dos dois cursos de enfermagem, acompanham proporcionalmente aqueles que obtiveram escores elevados de estresse, tal como registrado em outros estudos dessa temática. CONCLUSÃO: alunos com maiores níveis de estresse estão mais sujeitos a apresentarem depressão, merecendo a atenção dos educadores.

  19. Acidentes perfurocortantes entre trabalhadores de enfermagem de um hospital universitário do interior paulista Accidentes corto-punzantes entre trabajadores de enfermería de un hospital universitario del interior paulista Needlestick injuries among nursing staff members at a university hospital in the interior of São Paulo State

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Silvia Rita Marin da Silva Canini

    2002-04-01

    Full Text Available Como mostra a literatura, o risco de trabalhadores da área da saúde adquirirem patógenos veiculados pelo sangue já está bem documentado e demonstra que a Aids e a hepatite B e C, adquiridas de maneira ocupacional, são, hoje, um fato concreto. Este estudo retrospectivo, de natureza descritiva, realizado em um Hospital Universitário, no ano de 1998, objetivou analisar os acidentes perfurocortantes que acometeram os trabalhadores de enfermagem. Os resultados evidenciaram que, dos 398 acidentes ocupacionais notificados oficialmente, 125 (30,40% foram perfurocortantes e 89 (71,20% ocorreram entre trabalhadores de enfermagem. As situações mais freqüentes de ocorrência se deram quando da administração de medicamentos (25,78%. Concluiu-se que os trabalhadores de enfermagem foram os mais atingidos pelos acidentes ocupacionais envolvendo material perfurocortante.Como muestra la literatura, el riesgo de adquirir patógenos diseminados por la sangre en trabajadores de la área de salud, ya esta bien documentado y demuestra que el SIDA y la hepatitis B y C adquiridas de manera ocupacional son hoy en día un hecho concreto. Este estudio retrospectivo, de naturaleza descriptiva, realizado en un Hospital Universitario, en el año 1998; pretendió analizar los accidentes corto-punzantes que afectaron a los trabajadores de enfermería. Los resultados evidenciaron que, de los 398 accidentes ocupacionales notificados oficialmente, 125 (30,40% fueron corto-punzantes y 89 (71,20% ocurrieron entre trabajadores de enfermería. Las situaciones más frecuentes de ocurrencia se dieron con la administración de medicamentos (25,78%. Se concluye que los trabajadores de enfermería fueron los más afectados por los accidentes ocupacionales con materiales corto-punzantes.The risk presented by health care workers of acquiring bloodborne pathogens is well documented by the literature, which shows that Aids and Hepatitis acquired in the work setting is a real fact

  20. ASSOCIAÇÃO ENTRE ESTRESSE E CARACTERÍSTICAS SOCIODEMOGRÁFICAS E ACADÊMICAS DE ESTUDANTES DE ENFERMAGEM

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Susan Bublitz

    2016-01-01

    Full Text Available Este estudio tuvo como objetivo investigar la asociación entre el estrés de los estudiantes de enfermería y las características sociodemográficas y académicas. Estudio cuantitativo, analítico y transversal realizado en cuatro instituciones de educación superior de Brasil. Los datos se recolectaron entre abril de 2011 y marzo de 2012, a través de una encuesta socio-demográfica y académica entre los estudiantes, y el instrumento de Evaluación del Estrés en Estudiantes de Enfermería. Participaron 705 estudiantes, de los cuales hubo un predominio de nivel medio de estrés, seguido por un alto nivel de estrés. En cuanto a las asociaciones, se encontraron diferencias estadísticas significativas entre el estrés y las variables: edad, el tipo de institución (pública/privada, actividad laboral, satisfacción con la carrera y el pensamiento acerca de renunciar a la misma. Este estudio nos permite considerar que la educación es evaluada como estresante y hay asociación entre el nivel de estrés y las características de los estudiantes de enfermería.

  1. Correlação entre práticas educativas, depressão, estresse e habilidades sociais A correlation between educative practices, depression, stress and social abilities

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paula Inez Cunha Gomide

    2005-12-01

    Full Text Available O modelo de Estilo Parental de Gomide é composto por sete práticas educativas, sendo cinco relacionadas ao desenvolvimento de comportamentos anti-sociais (o abuso físico, a punição inconsistente, a disciplina relaxada, a monitoria negativa e a negligência e duas favoráveis ao desenvolvimento de comportamentos pró-sociais (a monitoria positiva e o comportamento moral. O Inventário de Estilos Parentais de Gomide - IEP fornece um índice final, que reflete a força das sete variáveis no modo de educar dos pais. O objetivo deste trabalho foi correlacionar o IEP com inventários de depressão, estresse e habilidades sociais. Participaram desta pesquisa oito casais e seus filhos, sendo metade das famílias identificadas como de risco e a outra metade como de não-risco por meio do IEP. Obteve-se pelo teste não-paramétrico de Mann-Whitney correlação positiva entre o IEP e o fator 2 (auto-afirmação na expressão de sentimentos positivos do Inventário de Habilidades Sociais de Del Prette e Del Prette (U=8 e p=0,01, e correlação negativa entre o IEP e Inventário de Stress de Lipp (U=7; p=0,005 e de Depressão de Beck (U=6,5 e p=0,007. A literatura aponta que famílias de risco têm práticas parentais negativas, estresse e depressão elevados e habilidades sociais rebaixadas. Os dados encontrados indicam que o IEP é um instrumento que tem indicadores de comportamento de risco e de não-risco que está em consonância com os outros instrumentos utilizados pela literatura pesquisada.Gomide's Parental Style Model is made up of seven educative practices, five of them related to antisocial behavior development (negligence, inconsistent punishment, careless discipline, negative monitoring and physical abuse; and two of them related to prosocial behaviors (moral modeling and positive monitoring. The Parental Style Inventory (IEP indicates a final index which reflects the influence of each variable on the way parents educate their children

  2. Riscos ocupacionais entre trabalhadores de enfermagem de uma unidade de terapia intensiva Riesgos ocupacionales entre trabajadores de enfermeria de una unidad de cuidados intensivos Occupational risks among a nursing staff working in an intensive care unit

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vera Médice Nishide

    2004-12-01

    Full Text Available Estudo descritivo no qual foram identificados os principais riscos ocupacionais a que estão expostos os trabalhadores de enfermagem de uma unidade de terapia intensiva. Os dados foram coletados por meio de entrevista individual, utilizando-se roteiro estruturado. Constatou-se que os trabalhadores estão expostos a riscos de acidentes relacionados aos procedimentos de assistência aos pacientes e ao ambiente laboral. Foi observado que a maioria dos trabalhadores utilizavam luvas, máscaras e aventais como barreiras de proteção, e um baixo percentual, óculos de sobrepor como medida de segurança. Concluiu-se que são necessárias mudanças no ambiente de trabalho para minimizar os riscos em procedimentos de assistência e no ambiente laboral, além de treinamento, conscientização de práticas seguras e fornecimento de dispositivos de segurança aos trabalhadores.Estudio descriptivo en el cual fueron identificados los principales riesgos ocupacionales a los que están expuestos los trabajadores de enfermería de una unidad de cuidados intensivos. Los datos fueron recolectados por medio de una entrevista individual, utilizándose un esquema estructurado. Se constató que los trabajadores están expuestos a riesgos de accidentes relacionados a los procedimientos de asistencia a los pacientes y al ambiente laboral. Fue observado que la mayoría de los trabajadores usaban guantes, máscaras y delantales como barreras de protección y un bajo porcentaje usaban anteojos de protección como medida de seguridad. El estudio dejó como conclusión la necesidad de modificaciones en el ambiente de trabajo para minimizar los riesgos en procedimientos de asistencia y del ambiente laboral, aparte del entrenamiento, concientización de prácticas seguras y ofrecimiento de dispositivos de seguridad a los trabajadores.This is a descriptive study that detected the main occupational risks to which the nursing staff working in an intensive care unit are exposed

  3. Auto-avaliação de saúde entre trabalhadores de uma indústria no sul do Brasil Self-rated health among industrial workers in Southern Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Doroteia Aparecida Höfelmann

    2007-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar a prevalência de auto-avaliação de saúde negativa e seus fatores associados, entre trabalhadores industriais. MÉTODOS: Estudo transversal com amostra probabilística de 482 trabalhadores de indústria metal-mecânica de Joinville, estado de Santa Catarina, em 2005. As informações foram obtidas por meio de questionário auto-administrado e medidas antropométricas. Para estimar a magnitude de associação entre a auto-avaliação e variáveis, foram calculadas as razões de chances (RC com intervalos de confiança de 95%. Foram obtidos modelos logísticos múltiplos por meio de análise de regressão logística utilizando um referencial teórico hierárquico. RESULTADOS: A taxa de resposta foi de 98,6%. A auto-avaliação de saúde negativa foi referida por 16,6% dos trabalhadores. A maioria era do sexo masculino (84,8% e desenvolvia atividades predominantemente ligadas ao setor produtivo (79,4%. A queixa mais comum entre os trabalhadores foi dor nas costas (30,9%. Após modelagem estatística, as seguintes variáveis permaneceram associadas à auto-avaliação negativa de saúde: sexo feminino (RC=3,0; IC 95%: 1,5;6,2, inatividade física (RC=1,8; IC 95%: 1,0;3,4, tensão psicológica (RC=3,0; IC 95%: 1,6;5,6, falta de controle sobre a vida (RC=3,0; IC 95%: 1,5;6,1, referência a uma (RC=3,2; IC 95%: 1,4;7,2 ou duas ou mais doenças crônicas (RC=7,7; IC 95%: 3,4;17,8, licença de saúde de curta duração (RC=2,9; IC 95%: 1,5;5,5 e doença limitante (RC=2,8; IC 95%: 1,2;6,6. CONCLUSÕES: A prevalência de auto-avaliação de saúde negativa esteve associada às dimensões socioeconômica/demográfica, estilo de vida, psicossocial e situação de saúde. A variável que mais influenciou na auto-avaliação negativa foi a referência a mais de duas doenças crônicas.OBJECTIVE: To analyze the prevalence of negative self-rated health and its factors associates among industrial workers. METHODS: Cross-sectional study with

  4. Entre a vida e a morte de trabalhadores: imagens de desigualdade e diferenciação Autos processuais e narrativas da experiência social no Oeste do Paraná (aspectos de relações mantidas em serrarias, olarias e frigoríficos em meados do século XX

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sheille Soares de FREITAS

    2018-02-01

    Full Text Available Resumo Este artigo parte da identificação e seleção de processos criminais, ocupados com os trâmites investigativos da morte de determinados trabalhadores, para evidenciar relações construídas entre os sujeitos abordados na apuração criminal. Ao apontar a imbricação entre eles, pontuamos a historicidade de uma trama que anota aspectos expressivos da emergente ação industrial - materializada nas atuações de serrarias, olarias e frigoríficos - e a presença de trabalhadores nessas atividades. Essas relações, empreendidas a partir de meados do século XX, são destacadas com o interesse em discutir tensões sociais, suscitadas no processo de constituição territorial do Oeste do Paraná. Na documentação apresentada, promovemos a visualização de imagens da desigualdade e da diferenciação vivida por trabalhadores - fossem eles “sulistas”, “paraguaios” e/ou “nortistas” -, um convite para acessar essa experiência social por meio das ambiguidades e confrontações que compõem esse processo.

  5. Eventos de vida produtores de estresse e queixas de insônia entre auxiliares de enfermagem de um hospital universitário no Rio de Janeiro: estudo Pró-Saúde Stressful life events and insomnia complaints among nursing assistants from a university hospital in Rio de Janeiro: the Pro-Saude study

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jaqueline R. Robaina

    2009-09-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a associação entre eventos de vida produtores de estresse (EVPE e queixas de insônia (QI. MÉTODOS: Foram analisados dados seccionais de 695 auxiliares de enfermagem de um hospital universitário, participantes do Estudo Pró-Saúde - coorte de funcionários de uma universidade no Rio de Janeiro. As informações foram obtidas através de um questionário multidimensional e autopreenchido, que avaliou a ocorrência de EVPE nos últimos 12 meses, variáveis socioeconômicas e demográficas e QI. As QI foram analisadas como desfecho politômico (frequente, ocasional, e ausente. Odds ratios brutos e ajustados foram calculados através de regressão logística multinomial. RESULTADOS: A prevalência total de QI foi de 45,8% (16,7% frequentes e 29,1% ocasionais. Após ajuste por sexo, idade, estado civil, renda familiar per capita e regime de trabalho, os EVPE associados com QI frequentes foram: "rompimento de relação amorosa" (OR = 3,32; IC95% 1,90 - 5,78, "ter tido problemas graves de saúde" (OR = 2,82; IC95% 1,73 - 4,58; "dificuldades financeiras graves" (OR = 2,38; IC95% 1,46 - 3,88, e "mudança forçada de moradia" (OR = 1,97; IC95% 1,02 - 3,79. Com relação às QI ocasionais, houve associação apenas com rompimento de relação amorosa (OR = 2,30; IC95% 1,42 - 3,74 e dificuldades financeiras graves (OR = 1,87; IC95% 1,27 - 2,75. CONCLUSÕES: Dada a responsabilidade com vidas humanas que os auxiliares de enfermagem assumem durante seu horário de trabalho, nossos achados podem contribuir para ações mais efetivas, por parte dos serviços de saúde ao trabalhador, para lidar com o estresse nessa categoria.OBJECTIVE: To evaluate the association between stressful life events (SLE and insomnia complaints (IC. METHODS: Cross-sectional data from 695 certified nursing assistants from a university hospital, participants of the Pro-Saude Study - a cohort of university employees in Rio de Janeiro, were analyzed. Information was

  6. Relações entre abuso sexual na infância, transtorno de estresse pós-traumático (TEPT) e prejuízos cognitivos Relaciones entre abuso sexual en la infancia, trastorno de estrés post-traumático (TEPT) y perjuicios cognitivos Relationships between sexual abuse in childhood, post-traumatic stress disorder (PTSD) and cognitive impairments

    OpenAIRE

    Jeane Lessinger Borges; Débora Dalbosco Dell'Aglio

    2008-01-01

    Este estudo teórico aponta as relações entre abuso sexual infantil, transtorno de estresse pós-traumático (TEPT) e prejuízos cognitivos. A perspectiva cognitiva dos efeitos do abuso sexual e do TEPT foi adotada nesta revisão. O abuso sexual contra crianças pode ser considerado um fator de risco para o desenvolvimento infantil, devido às severas seqüelas cognitivas, emocionais e comportamentais relacionadas à sua ocorrência, podendo seu impacto envolver efeitos a curto e longo prazos e estende...

  7. Análise da relação entre estresse e o desempenho escolar dos adolescentes do ensino médio do Colégio Militar de Brasília

    OpenAIRE

    Baracho, Emmanuelle Monique Maciel de Oliveira

    2014-01-01

    O estresse é caracterizado por um conjunto de reações do organismo diante que alguma situação que lhe exija uma adaptação. Quando é excessivo, o estresse pode comprometer o desenvolvimento cognitivo, afetivo, social e emocional, principalmente quando atinge os adolescentes, que muitas vezes não têm maturidade e capacidade para administrar situações estressantes. Devido às exigências serem maiores do que suas capacidades, podem reagir negativamente e apresentar um conjunto de sintomas como can...

  8. ESTRESSE OCUPACIONAL E SAÚDE MENTAL DOS PROFISSIONAIS DO CENTRO DE ESPECIALIDADES MÉDICAS DE ARACAJU

    OpenAIRE

    Marcelino Filho, Arthur; Araújo, Tania Maria de

    2015-01-01

    ResumoAs características ambientais e o modo de organização do trabalho em centros especializados em saúde podem produzir situações de estresse e efeitos negativos sobre a saúde dos trabalhadores. O objetivo do estudo foi avaliar a saúde mental dos profissionais de saúde da rede especializada de Aracaju (Sergipe) e as situações de estresse ocupacional com base no modelo esforço-recompensa. Estudo transversal realizado em 2011 com 94 profissionais de saúde em atividade em dois centros de atend...

  9. Estresse ocupacional em profissionais de saúde: um estudo com enfermeiros portugueses

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A. Rui Gomes

    Full Text Available Este trabalho analisa o estresse ocupacional em 286 enfermeiros de hospitais e centros de saúde portugueses. Avaliaram-se as fontes de estresse, o burnout, os problemas de saúde física, a satisfação e a realização profissional. Os resultados apontaram 30% de enfermeiros com experiências significativas de estresse e 15% com problemas de exaustão emocional. As análises de regressão múltipla apontaram maior capacidade preditiva das dimensões de estresse na exaustão emocional, na saúde física, na satisfação e na realização profissional. As análises comparativas evidenciaram maiores problemas de estresse e reações mais negativas ao trabalho nas mulheres, nos enfermeiros mais novos e com menor experiência, nos trabalhadores com contratos a prazo, nos profissionais que realizam trabalho por turnos e nos que trabalham mais horas.

  10. Estresse entre professoras do ensino fundamental de escolas públicas estaduais Estrés entre los profesores de la enseñanza fundamental de las escuelas públicas estaduales Stress in teachers from government public schools of fundamental education

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edward Goulart Junior

    2008-12-01

    Full Text Available O artigo relata pesquisa que visou, entre outros objetivos, identificar a presença do estresse, a sintomatologia e as fases apresentadas pelos professores de 1ª a 4ª série do Ensino Fundamental atuantes em escolas públicas estaduais de uma cidade do Interior de São Paulo. Participaram do estudo 175 professores, perfazendo, aproximadamente, 70% dos profissionais de Ensino Básico I (PEB-I em atuação no município. Para obtenção dos objetivos foram utilizados dois instrumentos de coleta de dados: o ISSL (Inventário de Sintomas de Estresse e um questionário para caracterizar a população pesquisada. A pesquisa revelou que 56,6% dos professores estão experimentando estresse, cujos principais sintomas presentes são: sensação de desgaste físico constante, cansaço constante, tensão muscular, problemas com a memória, irritabilidade excessiva, cansaço excessivo, angústia/ansiedade diária, pensar constantemente em um só assunto e irritabilidade sem causa aparente.El artículo relata investigación que visó, entre otros objetivos, identificar la presencia del estrés, la sintomatología y las fases presentadas por los profesores de la enseñanza fundamental - 1º a 4º. grados, actuando en escuelas públicas estaduales de una ciudad del interior de São Paulo. 175 profesores participaron de la investigación, atingiéndose aproximadamente 70% de los profesionales de la Enseñanza Fundamental (PEB-I actuando en el municipio. Para el logro de los objetivos, dos instrumentos de recogida de datos fueron utilizados: el ISSL (Inventario de Síntomas de Estrés y un cuestionario para caracterizar a la población estudiada. La investigación reveló que 56.6% de los profesores están presentando estrés, siendo los principales síntomas: Sensación de desgaste físico constante, cansancio constante, tensión muscular, problemas con la memoria, irritabilidad excesiva, cansancio excesivo, angustia/ansiedad diarias, pensamiento constante en

  11. The prevalence of musculoskeletal diseases among casual dock workers Prevalecía de enfermedades musculoesqueléticos entre trabajadores portuarios apulsos Prevalência de doenças musculoesqueléticas entre trabalhadores portuários avulsos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marlise Capa Verde de Almeida

    2012-04-01

    , ratificando la importancia de construir subsidios clínicos en enfermería que colaboren para la cualidad de vida del trabajador portuario.O objetivo deste estudo foi identificar a prevalência de doenças musculoesqueléticas relacionadas ao trabalho, entre trabalhadores portuários avulsos. É estudo quantitativo, retrospectivo. A fonte de dados constituiu-se de fichas de atendimento médico dos trabalhadores portuários avulsos, no período de 2000 a 2009. A coleta de dados foi realizada em um serviço de medicina do trabalho portuário, a partir de formulário pré-determinado. Procedeu-se à análise quantitativa descritiva. Aspectos éticos foram respeitados. Identificaram-se 15,8% de diagnósticos de doenças osteomusculares, entre trabalhadores do sexo masculino. Predominaram indivíduos com mais de 52 anos de idade e com tempo de atuação laboral superior a 21 anos. As doenças osteomusculares prevalentes foram lombalgias (38,8%, tendinites (19,7% e cervicalgias (12,5%, que podem ser prevenidas por meio de ações interventoras em saúde, ratificando a importante construção de subsídios clínicos em enfermagem para a qualidade do trabalho portuário.

  12. Estresse em mulheres com Diabetes mellitus tipo 2

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliana Cristina Lessmann

    2011-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: O objetivo do estudo foi investigar a relação entre estresse e Diabetes Mellitus Tipo 2 em mulheres. MÉTODO: Estudo transversal prospectivo, desenvolvido com 147 mulheres, utilizando a Escala de Estresse Percebido (PSS. RESULTADOS: Houve associação entre as variáveis testadas, sendo possível inferir que as mulheres com estresse elevado são as que vivenciaram sofrimento e apresentam controle glicêmico alterado, ou seja, com valores superiores a 180 mg/dL. A maioria relatou sofrimento decorrente de problemas nas relações interpessoais, óbito, doença de familiares e solidão. CONCLUSÃO: Mulheres com DM2 que convivem com estresse e/ou sofrimento constituem grupo vulnerável ao desenvolvimento de agravos à saúde demandando aos serviços de saúde o desenvolvimento de estratégias que modifiquem esta situação.

  13. Self-medication among nursing workers from public hospitals Automedicación entre los trabajadores de enfermería de hospitales públicos Automedicação entre os trabalhadores de enfermagem de hospitais públicos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aline Reis Rocha Barros

    2009-12-01

    con el trabajo. La automedicación es una práctica frecuente en el equipo de enfermería y está asociada a diversos factores que deberían ser considerados en estrategias que buscan mejores condiciones de salud entre ellos.Este estudo investigou a prevalência de automedicação e fatores associados entre trabalhadores de enfermagem. Realizou-se estudo epidemiológico seccional que abrangeu 1509 trabalhadores de enfermagem de dois hospitais públicos no Rio de Janeiro. Os medicamentos foram identificados e classificados de acordo com o Anatomical Therapeutic Chemical Index. A prevalência de automedicação foi 24,2%, o grupo anatômico mais referido foi o sistema nervoso e o grupo terapêutico incluiu os analgésicos. A prevalência foi mais alta entre os mais jovens, aqueles com distúrbios psíquicos menores, não hipertensos, os que não faziam exercícios físicos, os que referiram doença ou ferimento nos últimos 15 dias, aqueles com maior número de doenças autodiagnosticadas, enfermeiros, de vínculo temporário, e os que referem maior envolvimento com o trabalho. A automedicação é prática frequente na equipe de enfermagem e está associada a diversos fatores que deveriam ser considerados em estratégias que buscam melhores condições de saúde entre eles.

  14. Relação entre satisfação com aspectos psicossociais e saúde dos trabalhadores Relationship between psychosocial job satisfaction and health in white collar workers

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Carmen Martinez

    2004-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Identificar se satisfação com aspectos psicossociais no trabalho está associada à saúde dos trabalhadores e verificar se essas associações são influenciadas por características sociodemográficas. MÉTODOS: Estudo transversal realizado com 224 empregados de uma empresa de auto-gestão de planos de previdência privada e de saúde na cidade de São Paulo. Foram administrados quatro questionários auto-aplicados referentes a aspectos sociodemográficos, satisfação no trabalho e saúde (física, mental e capacidade para o trabalho. As associações entre variáveis foram analisadas por meio dos testes t-Student, Mann-Whitney, Kruskal-Wallis, coeficiente de correlação de Spearman e da análise de regressão linear múltipla. RESULTADOS: Satisfação no trabalho apareceu associada ao tempo na empresa (pOBJECTIVE: To identify whether psychosocial satisfaction at work is associated with workers' health and to verify if sociodemographic characteristics have an impact on these associations. METHODS: A cross-sectional study was carried out in 224 employees of a private managed care and retirement savings company in São Paulo, Brazil. Four self-administered questionnaires on sociodemographic features, job satisfaction, and health (physical, mental, and work ability were applied. Variables associations were analyzed using t-Student, Mann-Whitney and Kruskal-Wallis tests, Spearman correlation coefficient, and multiple linear regression analysis. RESULTS: Job satisfaction was associated with duration in the company (p <0.001 and job position (p=0.003, where greater satisfaction was observed among workers with shorter duration in the company and those in managing positions. Job satisfaction was associated with mental health and work ability (vitality: p<0.001; social aspects: p=0.055; emotional aspect: p=0.074; mental health: p<0.001; and work capacity: p=0.001. CONCLUSIONS: Job satisfaction is associated with workers' health regarding

  15. What do petrochemical workers, healthcare workers, and truck drivers have in common? Evaluation of sleep and alertness in Brazilian shiftworkers O que têm em comum os trabalhadores da indústria petroquímica, profissionais de saúde e caminhoneiros? Sono e vigília entre trabalhadores em turnos no Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Frida Marina Fischer

    2004-12-01

    Full Text Available The article reports briefly on some effects of shiftwork and the work environment on health and wellbeing of shiftworkers. Studies of Brazilian shiftworkers (healthcare workers, petrochemical workers, and truck drivers are described. A similar methodology was used to evaluate sleep and alertness in all these studies. The evaluation of sleep duration and quality and alertness showed similar results in the three studies. Although the workers were in different work settings, performing different jobs, the results are similar: daytime sleep is reduced and perceived as having worse quality than nighttime sleep; alertness decreases as the night work progresses. The study highlights the importance of shiftwork schedules' features and work organization for workers' health, wellbeing, and safety.Este artigo apresenta de forma resumida os efeitos do trabalho em turnos na saúde e bem-estar dos trabalhadores. São apresentados estudos conduzidos em hospitais, indústria petroquímica e companhias de caminhões de carga. Foi utilizada metodologia semelhante nos estudos descritos para avaliação da duração e qualidade do sono, assim como do alerta durante o trabalho. Apesar dos trabalhadores realizarem tarefas bastante distintas, os resultados das avaliações de sono e alerta foram semelhantes: os trabalhadores após turnos noturnos apresentaram sono mais curto do que após outros turnos, comparados consigo mesmos e/ou com seus colegas de turnos diurnos. É enfatizada a importância da escala em turnos, assim como da organização do trabalho, para auxiliar os trabalhadores a manterem sua saúde, bem-estar e segurança no trabalho.

  16. Resposta ao estresse: II. Resiliência e vulnerabilidade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nicole Leite Galvão-Coelho

    2015-06-01

    Full Text Available ResumoA crescente exposição a estressores na vida cotidiana aumentou significativamente a investigação da resposta ao estresse nas duas últimas décadas. Embora associada a consequências negativas, pois muitas patologias físicas e mentais são desencadeadas por exposição crônica a estressores, esta resposta é indispensável para sobrevivencia do indivíduo e é extremamente adaptativa quando ativada de forma aguda. Na parte I desta revisão foram abordados os conceitos de homestase e alostase e os sistemas fisiológicos ativados durante a resposta ao estresse. Na parte II serão discutidos fatores que modulam a resposta ao estresse tais como sexo, temperamento, períodos críticos do desenvolvimento e a presença ou ausência de suporte social. A interação entre os fatores genéticos e ambientais gera os perfis da resposta psicofisiológica que caracterizam os fenótipos de susceptibilidade e resiliência frente aos estressores e sua relação com uma patologia mental cada vez mais presente na sociedade moderna, o transtorno de estresse pós-traumático.

  17. El fenómeno del acoso laboral entre los trabajadores de la universidad O fenômeno mobbing entre os trabalhadores da universidade The phenomenon of mobbing among university employees

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernando Justicia Justicia

    2007-12-01

    Full Text Available El objetivo del artículo es realizar una descripción del fenómemo mobbing -acoso laboral- en el contexto de la universidad. Los trabajos realizadossobre este problema no son muy prolíficos lo que puede explicar la gran dificultad para caracterizar el fenómeno en el ámbito universitario. En el presente trabajo presentamos los niveles de incidencia del acoso laboral entre la población universitaria, los tipos de acoso más frecuentes y los efectos producidos en las víctimas, con la finalidad de caracterizar y definir el problema. Al mismo tiempo, intentamos conocer la influencia de determinadas variables como la edad, género y tiempo de victimización. En este sentido, y de acuerdo con otros estudios realizados, encontramos diferencias estadísticas en función del género de las víctimas. Del mismo modo, los resultados apuntan que la frecuencia y duración del acoso laboral afectan negativamente a las víctimas provocando un empeoramiento de los efectos derivados del acoso.O objetivo deste artigo é realizar uma descrição do fenômeno mobbing -tormento e persecução no lugar do trabalho- no contexto da universidade. Há poucos trabalhos realizados sob este problema nos contextos de educação superior o que pode explicar a grande dificuldade para caracterizar o fenômeno no âmbito universitário. Neste artigo apresentamos os níveis de incidência entre a população universitária, os tipos de mobbing mais freqüentes e os efeitos produzidos nas vítimas com a finalidade de caracterizar e definir o problema. Ao mesmo tempo, tentamos conhecer a influência de determinadas variáveis tais como a idade, gênero ou o tempo de exposição ao fenômeno. Neste sentido, e em concordância com outros estudos realizados, encontramos diferenças estatísticas em função do gênero das vítimas. De igual forma, os dados apontam que a freqüência e duração da situação de persecução no trabalho afetam negativamente as vítimas provocando

  18. Licenças médicas entre trabalhadores da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo no ano de 2004 Sick leave among employees of the São Paulo State Health Department, Brazil, 2004

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Arnaldo Sala

    2009-10-01

    Full Text Available O adoecimento dos trabalhadores, e o conseqüente absenteísmo, é tema relevante para o setor público, em virtude dos altos índices de afastamentos por doença verificados. Busca-se caracterizar o perfil de licenças médicas entre os funcionários da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo (SES-SP, Brasil. Foram coletados dados dos 58.196 trabalhadores da SES-SP contratados sob regime jurídico do funcionalismo público no ano de 2004, bem como os respectivos episódios de licenças médicas. O percentual geral de absenteísmo por doença foi de 2,8%, com diferenças entre tipos de unidades da SES-SP e entre agrupamentos de funções exercidas. Os maiores percentuais de absenteísmo foram encontrados entre trabalhadores em funções operacionais (3,4% e em funções assistenciais (3,3% em hospitais. O total de dias de licença por doença de cada profissional apresentou associação com a função exercida, a faixa etária e o sexo. Os resultados apontam para a necessidade de estabelecer políticas que incidam sobre a organização do trabalho, com intervenções inovadoras nos espaços profissionais.Workers' illness and the resulting absenteeism is a relevant issue for the public sector, due to the high sick leave rates. The current study focused on the characteristics of sick leaves among employees of the São Paulo State Health Department in Brazil. Data from 2004 were collected for 58,196 public employees of the State Health Department, including the respective episodes of sick leave. The overall absenteeism rate due to illness was 2.8%, with differences between the Department's various divisions and job descriptions. The highest absenteeism rates were among hospital workers in operational (3.4% and patient care jobs (3.3%. Total number of sick leave days per worker was associated with job, age bracket, and gender. The findings highlight the need to establish policies to influence work organization with innovative interventions in

  19. Valores e criatividade em trabalhadores portugueses

    OpenAIRE

    Almeida, Leonor; Nogueira, Sara Ibérico; Jesus, Adelaide Lopes; Mimoso, Teresa

    2013-01-01

    Pretendeu-se caracterizar o sistema de valores e os níveis de criatividade de uma amostra de trabalhadores portugueses, bem como analisar as diferenças entre grupos com base nas variáveis: sexo, habilitações literárias, tipo de empresa e estatuto socioprofissional. O estudo da correlação entre os níveis de criatividade e os valores de vida foi, também, objeto de análise. A amostra foi constituída por 198 indivíduos, 91 do sexo masculino e 107 do sexo feminino. Para operacionalização das variá...

  20. Social representations of health surveillance among workers Representaciones sociales de trabajadores acerca de la vigilancia sanitaria Representações sociais sobre vigilância sanitária entre trabalhadores

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Dirciara Barañano Souza

    2008-06-01

    en la responsabilidad y conocimiento y en la falta de valor profesional basado en la exclusión. Los resultados favorecen un análisis de los elementos que pueden estar ocasionando su permanencia e influyendo en la práctica cotidiana, para posiblemente volverse en un beneficio para la construcción del perfil profesional.Estudo qualitativo, exploratório-interpretativo, com o objetivo de conhecer as representações sociais sobre vigilância sanitária entre trabalhadores da Agência Nacional de Vigilância Sanitária - ANVISA, no Rio Grande do Sul. Verificou-se que vigilância sanitária é representada pelos sujeitos como um processo que, apesar das contradições, vem sendo construído e vivenciado no cotidiano da profissão, com sinais de renovação das representações existentes. Assim, proteção à saúde adquire novo entendimento, distanciando-se dos limites da prevenção que tradicionalmente focaliza a doença, para voltar-se à noção de promoção. Também, a imagem de polícia sanitária desloca-se da punição para a educação sanitária, estabelecendo os elos entre os fazeres normativo e educativo. Além disso, o profissionalismo assenta-se em responsabilidade e conhecimento, e a desvalorização profissional ancora-se na idéia de exclusão. Os resultados propiciam análise dos elementos que podem estar causando permanências e influenciando os movimentos da prática cotidiana, podendo reverter em benefício da construção de um perfil profissional.

  1. Interdependência entre os níveis de atenção do Sistema Único de Saúde (SUS: significado de integralidade apresentado por trabalhadores da Atenção Primária

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lilian Magda de Macedo

    2014-12-01

    Full Text Available A Integralidade constitui um importante princípio do SUS, conquistado com as lutas do movimento sanitário brasileiro. Representa ampliação dos conceitos saúde e doença, abarcando os determinantes sociais das necessidades em saúde. Pesquisa com o objetivo de investigar os significados de Integralidade apresentados por trabalhadores da Atenção Primária foi desenvolvida em munícipio de médio porte paulista, envolvendo distintos modelos tecnológicos de organização do trabalho nas Unidades Básicas de Saúde. Dentre os resultados, a dimensão de Integralidade do Sistema apresentou-se com maior frequência, conforme análise a partir de grupos focais. Os trabalhadores apontaram dificuldades de integração e comunicação entre os níveis de atenção à saúde, determinadas por políticas sociais seletivas e serviços de média/alta tecnologia delegados ao mercado privado. Os aportes teórico-filosóficos do estudo pautaram-se na Psicologia Histórico-Cultural, a partir das categorias: trabalho/atividade; consciência; mediação e totalidade.

  2. Saúde do trabalhador e a atenção odontológica: entre um novo modelo de atenção e a superespecialização Worker's Health and Dentistry Attention: between a new care model and over-specialization

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alex Elias Lamas

    2008-12-01

    Full Text Available Suplantar práticas e conceitos incoerentes com as propostas construídas no campo da saúde nas últimas décadas no País é um embate a ser travado pelos serviços de saúde que prestam assistência aos trabalhadores. Este trabalho discute a atuação profissional do cirurgião-dentista e contextualiza o reconhecimento e a regulamentação da nova especialidade da Odontologia do Trabalho, a partir de uma revisão da história das políticas públicas em saúde e da evolução dos conceitos de atenção à saúde do trabalhador. A própria discussão em torno da regulamentação da especialidade da Odontologia do Trabalho reverbera toda uma histórica incompatibilidade entre a racionalidade liberal e a criação de um novo modelo de atenção à saúde do trabalhador. Uma intervenção atenta às conquistas históricas registradas no arcabouço jurídico-institucional que compreenda as especificidades da re-estruturação produtiva no perfil epidemiológico do trabalhador deve fazer parte da construção desta especialidade e das práticas nesta linha de cuidado.To overcome practices and concepts which are incoherent with the new proposals built for the health area in the last decades is a challenge to be faced by health services providing care for workers in Brazil. The present study discuss the professional work of dentists, contextualizing and acknowledging the regulation of the new specialization called 'Occupational Dentistry' from a review of the history of health public policies and the development of concepts of workers' health care. The discussion over its regulation is marked by historical contradiction between a liberal rationality and the construction of a new care model. An intervention that takes into account the historical achievements guaranteed by law of the specificities of the third industrial revolution (change in the productive chain in the workers' epidemiological profile, must be part of the construction of this

  3. Occupational accidents involving biological material among public health workers Accidentes de trabajo con material biológico entre trabajadores de unidades de salud pública Acidentes de trabalho com material biológico entre trabalhadores de unidades de saúde pública

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mônica Bonagamba Chiodi

    2007-08-01

    abordagem quantitativa que teve como objetivo investigar a ocorrência de acidentes de trabalho (AT com exposição a material biológico entre trabalhadores da saúde, atuantes em Unidades de Saúde Pública do Município de Ribeirão Preto, SP. Foram registrados por meio da Comunicação de Acidente de Trabalho (CAT 155 AT no ano 2004, sendo que em 62 acidentes (40% houve exposição do trabalhador a material biológico passível de ocasionar infecções como Hepatite e AIDS. Considerando a proporcionalidade das categorias expostas, foi constatado que a categoria de auxiliares e técnicos de enfermagem foi a mais vitimada, com 42 acidentes (67,7%. As agulhas foram responsáveis por 80,6% das injúrias e o sangue foi o material biológico envolvido na maioria das exposições ocupacionais. O tema merece maior atenção para que medidas preventivas possam ser implementadas, considerando-se as peculiaridades das atividades executadas nas diferentes categorias profissionais.

  4. Estresse, Enfrentamento e Qualidade de Vida: Um Estudo Sobre Gerentes Brasileiros

    OpenAIRE

    Barcaui, Andre; Limongi-França, Ana Cristina

    2014-01-01

    Este estudo analisa a relação entre o estresse percebido no trabalho, a estratégia de enfrentamento adotada e a qualidade de vida de gerentes atuantes em organizações brasileiras. Foram aplicados três instrumentos em conjunto: o Job Stress Scale, de Karasek, o Coping with Job Stress, de Latack, e o WHOQOL - Bref, da OMS, em uma amostra de 1.290 gerentes distribuídos pelo Brasil. Aplicou-se uma análise de correlação entre as variáveis: estresse, qualidade de vida e estratégia de enfrentamento....

  5. Estresse e acidentes de trabalho: Estudo Pró-Saúde

    OpenAIRE

    Alexandre dos Santos Brito

    2007-01-01

    Esta tese tem o objetivo geral de investigar a associação entre estresse e acidentes no trabalho em funcionários técnico-administrativos efetivos de uma universidade pública no Rio de Janeiro por meio de modelos multiníveis. Para alcançar tal objetivo, a tese foi distribuída em dois artigos. O primeiro artigo investiga a associação entre estresse e acidentes no trabalho considerando componentes hierárquicos da estrutura dos dados por meio de modelos multiníveis com funcionários no primeiro ní...

  6. Intoxicações por agrotóxicos entre trabalhadores rurais de fruticultura, Bento Gonçalves, RS Intoxicaciones por agrotóxicos entre trabajadores rurales de fruticultura, Bento Gonçalves, Sur de Brasil Poisoning by pesticides among family fruit farmers, Bento Gonçalves, Southern Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Neice Müller Xavier Faria

    2009-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Descrever a exposição ocupacional e a incidência de intoxicações agudas por agrotóxicos, especialmente os organofosforados. MÉTODOS: Estudo descritivo com 290 agricultores da fruticultura do município Bento Gonçalves, RS, conduzido em duas etapas, no ano 2006. Ambas etapas foram completadas por 241 trabalhadores: no período de baixo uso e de intenso uso dos agrotóxicos. Foram coletados dados sobre a propriedade, exposição ocupacional aos agrotóxicos, dados sociodemográficos e freqüência de problemas de saúde utilizando-se questionário padronizado. As intoxicações foram caracterizadas por relato de episódios, sintomas relacionados aos agrotóxicos e exames de colinesterase plasmática. Os casos foram classificados segundo a matriz proposta pela Organização Mundial de Saúde (OMS. RESULTADOS: Em média foram usados 12 tipos de agrotóxicos em cada propriedade, principalmente glifosato e organofosforados. A maioria usava trator durante a aplicação de pesticidas (87%, entregava as embalagens para a coleta seletiva (86% e usava equipamentos de proteção durante as atividades com agrotóxicos (>94%. Dentre os trabalhadores, 4% relataram intoxicações por agrotóxicos nos 12 meses anteriores à pesquisa e 19% em algum momento da vida. Segundo o critério proposto pela OMS, 11% foram classificados como casos prováveis de intoxicação aguda. Entre os que tinham usado organofosforados nos dez dias anteriores ao exame, 2,9% apresentaram dois ou mais sintomas relacionados aos agrotóxicos, assim como redução de 20% da colinesterase. CONCLUSÕES: A ocorrência de intoxicações a partir da percepção dos trabalhadores esteve dentro do esperado, mas a estimativa com base na classificação da OMS captou uma proporção maior de casos. A quebra na safra reduziu o uso de inseticidas e pode explicar a baixa ocorrência de alterações laboratoriais. Os critérios para definição de intoxicação por agrotóxicos, bem

  7. Relações entre abuso sexual na infância, transtorno de estresse pós-traumático (TEPT e prejuízos cognitivos Relaciones entre abuso sexual en la infancia, trastorno de estrés post-traumático (TEPT y perjuicios cognitivos Relationships between sexual abuse in childhood, post-traumatic stress disorder (PTSD and cognitive impairments

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jeane Lessinger Borges

    2008-06-01

    Full Text Available Este estudo teórico aponta as relações entre abuso sexual infantil, transtorno de estresse pós-traumático (TEPT e prejuízos cognitivos. A perspectiva cognitiva dos efeitos do abuso sexual e do TEPT foi adotada nesta revisão. O abuso sexual contra crianças pode ser considerado um fator de risco para o desenvolvimento infantil, devido às severas seqüelas cognitivas, emocionais e comportamentais relacionadas à sua ocorrência, podendo seu impacto envolver efeitos a curto e longo prazos e estender-se até a idade adulta. Os estudos de revisão fortalecem a associação entre eventos traumáticos (abuso sexual, TEPT e alterações, tanto estruturais quanto funcionais, em áreas cerebrais envolvidas nos sistemas neurais de resposta ao estresse. Finalmente, é discutida a necessidade de pesquisas que investiguem os efeitos do estresse e do trauma no neurodesenvolvimento infantil.Este estudio teórico apunta las relaciones entre abuso sexual infantil, trastorno de estrés post-traumático (TEPT y perjuicios cognitivos. La perspectiva cognitiva de los efectos del abuso sexual y del TEPT fue adoptada en esta revisión. El abuso sexual contra niños puede ser considerado un factor de riesgo para el desarrollo infantil, debido a las severas secuelas cognitivas, emocionales y conductuales, que son relacionadas a su ocurrencia, siendo que su impacto puede envolver efectos a corto y a largo plazo, extendiéndose hasta la edad adulta. Los estudios de revisión fortalecen la asociación entre eventos traumáticos (abuso sexual, TEPT y alteraciones, tanto estructurales cuanto funcionales, en áreas cerebrales envueltas en los sistemas neuronales de respuesta al estrés. Finalmente, es discutida la necesidad de investigaciones futuras que investiguen los efectos del estrés y del trauma en el neurodesarrollo infantil.Current theoretical study shows relationships between sexual abuse during childhood, post-traumatic stress disorder (PTSD and cognitive

  8. Cargas e desgastes de trabalho vivenciados entre trabalhadores de saúde em um hospital de ensino Descripción de cargas de trabajo y el desgaste experimentado entre trabajadores de salud en un hospital universitario Description of workloads and fatigue experienced among health workers in a teaching hospital

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leni de Lima Santana

    2013-03-01

    Full Text Available Estudo exploratório, de caráter descritivo e de abordagem quantitativa, alicerçado nas categorias "processo de trabalho", "cargas de trabalho" e "desgaste" em um hospital de ensino em Curitiba, região sul do Brasil. Neste artigo, são caracterizadas as cargas e os desgastes vivenciados em um hospital universitário, captados pelo estudo prévio intitulado "Sistema de monitoramento da saúde do trabalhador de enfermagem" (SIMOSTE. Os resultados demonstram que o gênero feminino foi o mais acometido (85,9%; os profissionais mais afetados foram os auxiliares de enfermagem (53,1%. O maior número de afastamentos ocorreu por doenças do sistema osteoarticular (25,2% e, dentre as cargas apresentadas, as mais expressivas foram as mecânicas e fisiológicas, com 33,06%, cada. Estes resultados poderão subsidiar estratégias de intervenção nas políticas direcionadas à saúde do trabalhador, para assegurar uma melhor qualidade de vida a este profissional e, por consequência, promover melhorias na qualidade da assistência prestada ao usuário.Estudio exploratorio, descriptivo y cuantitativo, basado en el proceso de trabajo, las cargas de trabajo y el desgaste en un hospital universitario en Curitiba, sur de Brasil. En este artículo se caracteriza la carga y el estrés experimentado en un hospital universitario, planteada por un estudio previo titulado "Sistema de vigilancia de la salud de los trabajadores de enfermería". Los resultados muestran que las mujeres (85,9% y los auxiliares de enfermería eran los profesionales más afectados (53,1%. El mayor número de ausencia del trabajo se debieron a enfermedades del sistema musculoesquelético (25,2% y entre los cargos presentados, los más significativos fueron el mecánico y el fisiológico con el 33,06% cada uno. Estos resultados pueden apoyar las estrategias de intervención en las políticas dirigidas a la salud de los trabajadores, para garantizar una mejor calidad de vida a este trabajo y

  9. Processo de trabalho e saúde de trabalhadores de uma unidade de alimentação e nutrição: entre a prescrição e o real do trabalho Work process and workers' health in a food and nutrition unit: prescribed versus actual work

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciléia Granhen Tavares Colares

    2007-12-01

    Full Text Available O presente estudo objetivou investigar a relação entre o processo de trabalho em uma unidade de alimentação e nutrição e a saúde dos trabalhadores, dando voz aos atores envolvidos neste processo. A observação direta, a entrevista semi-estruturada e os grupos focais foram utilizados como técnicas de coleta de dados. Tomou-se como referência o diálogo entre a ergonomia da atividade humana e a psicodinâmica do trabalho. Os resultados mostraram que a organização do trabalho na unidade estudada representa uma atividade rotineira, cujas exigências da situação de trabalho se dão com base em critérios prescritos pela instituição. A variabilidade das atividades é influenciada, sobretudo, pelos equipamentos, instrumentos e materiais disponíveis, gerando improvisos na produção de refeições que requerem custo tanto físico quanto psíquico dos trabalhadores. A insatisfação durante a realização das tarefas provém particularmente do estilo de supervisão e do relacionamento com os chefes imediatos. Os próprios trabalhadores propuseram mudanças na organização do trabalho fundamentadas em maior diálogo e confiança entre chefes e subordinados. Por fim, a pesquisa aponta para a necessidade de uma intervenção que estimule a participação dos trabalhadores como agentes de mudança.This study focuses on the relationship between the work process in a food and nutrition unit and workers' health, in the words of the participants themselves. Direct observation, a semi-structured interview, and focus groups were used to collect the data. The reference was the dialogue between human ergonomics and work psychodynamics. The results showed that work organization in the study unit represents a routine activity, the requirements of which in terms of the work situation are based on criteria set by the institution. Variability in the activities is influenced mainly by the available equipment, instruments, and materials, thereby

  10. Comprometimento organizacional de trabalhadores de call center

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kely César Martins Paiva

    2015-09-01

    Full Text Available RESUMOO Neste artigo, analisa-se como se apresenta o comprometimento organizacional de trabalhadores de um call center, localizado em Belo (A Horizonte (Minas Gerais, Brasil. Após o delineamento conceitual UJ do tema central, são expostos os resultados de um estudo de caso descritivo, realizado com abordagens quantitativa e qualitativa. Os dados de 399 questionários e 22 entrevistas são, respectivamente, tratados estatisticamente e submetidos à análise de conteúdo. A base de comprometimento que predominou entre esses infoproletários foi "obrigação pelo desempenho" e, em menor grau, "afetiva". Foi observado que quanto maior é o seu tempo de experiência nesse tipo de organização, menores são os níveis de comprometimento de modo geral, fatos esclarecidos, parcialmente, por meio das entrevistas.

  11. Interfaces entre modelo produtivo e divisão do trabalho flexível: a visão do trabalhador sobre a terceirização no polo naval de Rio Grande

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eder Dion de Paula Costa

    2016-07-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho é trazer uma reflexão sobre a pesquisa empírica realizada no Polo Naval de Rio Grande acerca do modelo flexível de organização produtiva e seu impacto nos processos de sociabilidade da classe trabalhadora. A perspectiva que se pretende mostrar é a do trabalhador terceirizado dentro da organização da produção e da divisão do trabalho, ambos flexíveis. O presente artigo é produto de reflexões a partir do projeto de dissertação de mestrado da segunda autora sobre a invisibilidade social causada pela terceirização elaborado para o Programa de Pós-graduação em Sociologia da Universidade Federal de Pelotas.

  12. Inter-relação entre síndrome metabólica, estresse crônico e ritmos circadianos de marcadores adipogênicos: uma revisão

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carla de Oliveira

    2013-12-01

    Full Text Available Alterações de ritmos circadianos são relacionadas ao desenvolvimento de transtornos metabólicos como obesidade e síndrome metabólica. Além disto, a disponibilidade e o consumo de alimentos altamente palatáveis ricos em gordura e a exposição a situações estressantes podem contribuir na incidência e na severidade destas doenças crônicas, provocando modificações no balanço energético, alterações no metabolismo de lipídeos e adipogênese. Nesta revisão, abordaremos os aspectos cronobiológicos que podem ser influenciados pela exposição a estresse crônico e a obesidade, além dos mecanismos que contribuem para o crescimento de doenças metabólicas.

  13. O ruído causando danos e estresse: possibilidade de atuação para a enfermagem do trabalho

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jorge Luiz Lima da Silva

    2014-01-01

    Full Text Available A exposição ao ruído vem sendo problema de saúde ocupacional cada vez mais presente na vida de profissionais, e reclamado como fator de estresse no trabalho. Diante disto, este estudo objetivou identificar os riscos ocupacionais que acometem trabalhadores que atuam em ambientes ruidosos, discutindo as consequências à saúde do trabalhador. A presente é uma pesquisa de natureza descritiva, que se deu por meio de revisão bibliográfica analítica baseada em obras publicadas no período de 1978 a 2010. Foi construído um quadro comparativo para discussão dos principais achados. Os riscos encontrados foram: estresse, distúrbios do sono, problemas em vários sistemas fisiológicos, com destaque para o neurológico e circulatório e risco de acidentes laborais. O papel educativo do enfermeiro deve ser contínuo e com avaliação de risco das ações executadas pelo trabalhador. A enfermagem do trabalho, como especialidade, vem buscando desenvolver e aprofundar conhecimentos e ampliar seu papel junto à área de saúde do trabalhador. Os profissionais conhecem os riscos do ruído, classificam-no como a principal causa de incômodo e conhecem estratégias coletivas e individuais para diminuir os riscos ocupacionais.

  14. A participação do trabalhador na fábrica: contrastes entre as propostas do modelo japonês e as propostas autogestionárias Employee participation in the company: contrasts between the Japanese model and the self-management proposals

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Henrique Novaes

    2010-08-01

    Full Text Available Este artigo é resultado de uma pesquisa sobre a participação do trabalhador na empresa. Ele contrasta as propostas de participação ensejadas pelo modelo japonês com as de viés autogestionário. A revisão bibliográfica apresentada, cobre um espectro que vai das estratégias gerencialistas para cooptar a força de trabalho até a defesa de uma sociedade governada pelos produtores associados. Nossa conclusão é que as estratégias gerenciais - e aqui se insere o modelo japonês - atacam o que poderiam ser considerados sintomas (e não, as causas da alienação. Seu objetivo é que os trabalhadores decidam sobre tudo, menos sobre o essencial. Já as propostas autogestionárias propõem que o trabalhador participe da gestão dos problemas essenciais da empresa, da concepção de um novo tipo de processo de trabalho e da construção de uma sociedade produtora de valores de uso, de acordo com as possibilidades históricas. Existem entre elas diferenças que não se referem apenas ao grau de participação, mas à natureza desta participação.This article is the result of a research on the employees' participation in the company. It contrasts the proposals of participation suggested by the Japanese model with those of self-management. The literature review presented here covers a spectrum ranging from managerial strategies used to co-opt the labor force up to the defense of a society governed by the associated producers. The conclusion is that the managerial strategies - the Japanese model - attack the symptoms (and not the causes of the alienation. It proposes the employees' participation on everything, except that which is essential. The self-management proposals, on the other hand, suggest the participation of the employee in the management of the key problems of the company, in the establishment of a new type of work process as well as the creation of a society that produces use values, according to the historical possibilities. There

  15. Intervenção comunitária para prevenção de acidentes de trânsito entre trabalhadores ciclistas Intervención comunitaria para la prevención de accidentes de tránsito entre trabajadores ciclistas A community intervention to prevent traffic accidents among bicycle commuters

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Giancarlo Bacchieri

    2010-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar uma intervenção educacional de prevenção de acidentes de trânsito com trabalhadores que utilizam a bicicleta como modo de transporte. MÉTODOS: Estudo de intervenção, longitudinal, com implementação escalonada, realizado em cinco bairros com características geográficas distintas na cidade de Pelotas, RS, de janeiro de 2006 a maio de 2007. Foram sorteados 42 setores censitários desses bairros. Todos os domicílios foram visitados em busca de trabalhadores do sexo masculino que utilizassem a bicicleta como modo de transporte, resultando em uma amostra de 1.133 indivíduos. Foram analisados como desfechos "acidentes de trânsito" e de "quase-acidentes". Mensalmente, via telefone, os ciclistas eram questionados a respeito da ocorrência de acidentes de trânsito e de "quase-acidentes". Quinzenalmente, a partir do segundo mês de acompanhamento, um grupo de aproximadamente 60 ciclistas era convidado a participar da intervenção, que incluía um componente educativo (palestra e apresentação de vídeo educativo, distribuição de um kit de segurança (colete noturno refletivo, cartilha educativa e fitas refletivas e revisão dos freios da bicicleta (manutenção realizada se necessário. Regressão de Poisson, com ajuste para o efeito do tempo, foi utilizada para medir o efeito da intervenção. RESULTADOS: Aproximadamente 45% dos ciclistas não compareceram à intervenção. Durante o período do estudo, 9% dos indivíduos informaram um acidente de trânsito e 88%, um quase-acidente. No total, ocorreram 106 acidentes e 1.091 quase-acidentes. Não foi observado efeito da intervenção em ambos os desfechos. CONCLUSÕES: A intervenção proposta não foi capaz de reduzir acidentes entre trabalhadores ciclistas. Falta de interesse em segurança por parte dos ciclistas e fatores externos, tais como infra-estrutura das vias e comportamento dos motoristas, podem ter colaborado para esse resultado.OBJETIVO: Evaluar una

  16. Prevalência de distúrbios respiratórios e avaliação de vacinação contra a gripe entre trabalhadores Prevalence of respiratory diseases and evaluation of the influenza vaccination program for workers

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Neice Müller Xavier Faria

    2002-08-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: Apesar de a vacina contra a gripe ser considerada eficiente na prevenção da gripe e de suas complicações, ainda existem controvérsias sobre as vantagens de sua utilização em adultos sadios. Esta pesquisa foi desenvolvida para caracterizar a ocorrência de problemas respiratórios comuns, particularmente a gripe, e avaliar um programa de imunização contra a influenza entre trabalhadores. METODOLOGIA: Foi realizado um estudo de delineamento transversal entre trabalhadores da indústria. Foram coletados dados sobre características sociodemográficas e sobre problemas respiratórios. Foram caracterizadas as gripes ocorridas no último ano e avaliado o desempenho da vacina. RESULTADOS: Entre os 446 entrevistados, 18,3% apresentaram quadros intensos de gripes e a 11,7% foi concedido afastamento do trabalho devido a gripe. No geral, 70% dos funcionários avaliaram que no seu caso pessoal houve melhora na ocorrência de gripes após a vacinação. CONCLUSÕES: A avaliação positiva da vacina feita pelos funcionários e a baixa ocorrência de efeitos colaterais apoiam a manutenção do atual programa contra a influenza. Mas persistem várias dúvidas sobre as vantagens econômicas da vacina, indicando a necessidade de mais estudos sobre este tema.INTRODUCTION: The vaccine against influenza is an efficient way to prevent flu episodes and its complications; however, its economical advantages for healthy workers are still controversial. This study was developed to characterize the occurrence of common respiratory problems, especially influenza, and evaluate an influenza vaccination program for workers. METHODOLOGY: A cross sectional study was developed among factory workers. Data on socio-demographic characteristics and respiratory diseases were collected. Flu episodes during the past year were characterized and vaccination was evaluated. RESULTS: Among 446 interviewed workers, 18.3% presented influenza-like episodes and 11.7% were

  17. Associação de variáveis meteorológicas com os afastamentos do trabalho devido a doenças respiratórias: um estudo entre trabalhadores dos correios de Santa Catarina

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniel Pires Bitencourt

    Full Text Available INTRODUÇÃO: As doenças do aparelho respiratório (DAR em trabalhadores são, com frequência, atribuídas ao ambiente de trabalho ou ao tipo de atividade. Poucos estudos relacionam as DAR com as condições de tempo. OBJETIVO: Este artigo tem como objetivo identificar a existência desta relação através da comparação da taxa de afastamento do trabalho com as médias mensais de variáveis meteorológicas. MÉTODOS: Para tanto, calculou-se a correlação dos afastamentos com as médias mensais de temperatura e umidade, com os valores mínimos mensais de temperatura e umidade e com a maior queda de temperatura em 24h ocorrida no mês. A série de dados meteorológicos com melhor correlação foi dividida em quartis (25% para identificar os valores típicos de afastamento em situações extremas de temperatura ou umidade. Os afatamentos por DAR foram calculados em trabalhadores dos Correios de Santa Catarina e os dados meteorológicos foram obtidos da reanálise de modelos numéricos. O período analisado compreendeu janeiro de 2001 a dezembro de 2007, totalizando 84 meses. RESULTADOS: Os afastamentos do trabalho devido às DAR obtiveram melhor associação, em ordem de importância, com a temperatura média do mês, a temperatura mínima do mês e o maior declínio de temperatura do mês. Todas essas correlações obtiveram significância estatística de 0,1%. A umidade do ar não demonstrou associação com a taxa de afastamento. CONCLUSÃO: Conclui-se que as maiores taxas de afastamento do trabalho devido às DAR ocorrem nos meses mais frios e secos.

  18. Estresse ocupacional em enfermeiros intensivistas que prestam cuidados diretos ao paciente crítico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kelly Cristina Inoue

    2013-10-01

    Full Text Available Realizou-se pesquisa descritivo-exploratória em cinco instituições hospitalares da região Oeste do estado do Paraná, entre maio e julho de 2010, com o objetivo de identificar o nível de estresse em enfermeiros intensivistas que prestam cuidados diretos a pacientes críticos. Participaram 58 enfermeiros intensivistas assistenciais, cujo nível de estresse foi avaliado de acordo com o Domínio D da Escala Bianchi de Estresse. A maioria (65,5% apresentou nível de estresse médio. Os estressores com maior pontuação foram Enfrentar a morte (5,6 pontos; Atender às emergências na unidade (5,1 pontos; Atender os familiares de pacientes críticos ou Orientar familiares de pacientes críticos (ambos com 4,8 pontos. É preciso adotar estratégias para a prevenção / redução de estresse, porque os principais estressores apontados relacionam-se a atribuições específicas dos enfermeiros.

  19. Consumo alimentar e estresse em pacientes com síndrome coronariana aguda

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Evelise Helena Fadini Reis Brunori

    2015-10-01

    Full Text Available RESUMOObjetivo:Avaliar se o consumo alimentar de pacientes com síndrome coronariana aguda (SCA segue as recomendações nacionais e internacionais e se existe relação com níveis de estresseMétodo:Estudo transversal com 150 pacientes com SCA que foram entrevistados utilizando-se os Questionários de Frequência Alimentar e Escala de Estresse Percebido-10.Resultados:Consumo diário acima das recomendações: colesterol (92%, fi bras (42,7% e proteínas (68%; consumo abaixo das recomendações: potássio (88% e carboidratos (68,7%; consumo conforme recomendações: sódio (53,3% e lípides (53,3%. A maioria (54% com consumo alimentar inadequado era estressada ou altamente estressada. Houve associação estatisticamente signifi cante entre menor nível de estresse e maior consumo de fibras.Conclusão:Em pacientes com SCA, o consumo alimentar esteve fora do recomendado pelas diretrizes e o menor consumo de fibras ocorre concomitantemente com maior estresse. Esforços educativos podem instrumentalizar os pacientes na adequação do consumo alimentar e no controle do estresse.

  20. Interação entre qualidade do meio ambiente, estresse e a variação do gene APOE na determinação da suscetibilidade à fibromialgia Association between environmental quality, stress and APOE gene variation in fibromyalgia susceptibility determination

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roze Mary Ribas Becker

    2010-12-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: A fibromialgia se trata de uma desordem multifatorial, cuja etiologia reside na interação entre a susceptibilidade genética e o ambiente. No entanto, poucos trabalhos procuram detectar quais seriam os fatores considerados de risco. OBJETIVO: Investigar a influência genética e sua interação com qualidade ambiental e com estresse como possíveis fatores de risco para o desenvolvimento da fibromialgia. PACIENTES E MÉTODOS: Neste estudo transversal, foram investigados dois grupos de mulheres, sendo 47 com diagnóstico clínico de fibromialgia, e 41 mulheres do grupo controle, todas da comunidade de Novo Hamburgo, RS. O polimorfismo do gene da apolipoproteína E (APOE foi analisado, a partir do DNA extraído do sangue total de ambas as amostras. Os fatores ambientais foram avaliados através do inventário de sintomas para adultos de Lipp (ISSL, para a averiguação do estresse comportamental, e da aplicação do domínio V do WHOQOL-100. RESULTADOS: Dentre as pacientes, foram encontradas mais mulheres com níveis altos de estresse, quando comparado à amostra controle (P INTRODUCTION: Fibromyalgia is a multifactorial disease, of which etiology is based on interaction between genetic susceptibility and environment. However, few studies attempted to identify the risk factors. OBJECTIVE: To investigate the genetic influence and its interaction with environmental quality and stress, as possible risk factors for fibromyalgia development. PATIENTS AND METHODS: This cross-sectional study investigated two groups of women, of which 47 had a clinical diagnosis of fibromyalgia, and 41 women comprising thre control group, all from the town of Novo Hamburgo, RS. The apolipoprotein E (APOE gene polymorphism was analyzed in DNA extracted from total blood, in both samples. Environmental factors were studied through Lipp's Inventory of Stress Symptoms for Adults and by applying the WHOQOL-100 domain V. RESULTS: Among the patients, more women

  1. INDUSTRIALIZAÇÃO E TRABALHADORES: NOTAS DE PESQUISA SOBRE TRABALHO OPERÁRIO GLOBALIZADO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sérgio Paulo Morais

    2013-03-01

    Full Text Available Neste texto refletimos sobre a problemática da globalização na perspectiva de trabalhadores da empresa metalúrgica ThyssenKrupp, em São Paulo e Minas Gerais Thyssenkrupp Metalúrgica Santa Luzia S.A. e Sadia S.A. Uberlândia. Explorando a historicidade da luta de classes por meio da experiência vivida em fábrica. O objetivo maior é o de ressaltar determinadas relações estabelecidas entre trabalhadores e empresa, mostrando mudanças nas relações produtivas, nas formas de sociabilidade entre os trabalhadores, transformações nos modos de vidas, a partir de características atuais do trabalho operário.

  2. Conocimientos sobre tuberculosis en trabajadores de la salud en una localidad de Bogotá D. C Conhecimentos sobre tuberculose entre trabalhadores da saúde em uma localidade de Bogotá D.C Knowledge on tuberculosis In health workers in a sector of Bogotá D.C

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Óscar Andrés Cruz Martínez

    2011-07-01

    Full Text Available El presente artículo es producto de una monografía de pre-grado para la obtención del título de enfermero-a profesional, el cual tuvo como objetivo identificar los conocimientos sobre tuberculosis en 117 trabajadores de la salud de 12 instituciones de salud públicas y privadas vinculadas al programa de prevención y control de tuberculosis, de la Secretaría Distrital de Salud, en una localidad de Bogotá. Para la recolección de datos se diseñó un instrumento de evaluación, el cual se aplicó a los trabajadores previa lectura y aceptación de participación mediante su consentimiento informado. Se realizó una caracterización general de los trabajadores y se evaluaron conocimientos básicos sobre tuberculosis. Los resultados evidenciaron que un 34% de trabajadores alcanzó un nivel de conocimientos medio, un 32% nivel inferior, un 27% nivel bajo y solo un 7% alcanzó el nivel alto. Se evidenció, en general, déficit de conocimientos sobre la enfermedad, principalmente en temas como diagnóstico, tratamiento, periodo de transmisibilidad y medidas de bioseguridad. Se verifica la necesidad de orientar acciones que amplíen los conocimientos sobre tuberculosis en los trabajadores de la salud, mediante la formación académica, la facilitación de espacios para capacitación, el mejoramiento de las condiciones de trabajo y la articulación de actividades de investigación y extensión entre la academia y el Programa Distrital de Control de Tuberculosis.Este artigo é produto duma monografia de pré-graduação para a obtenção do título de enfermeiro(a profissional, que objetivou identificar os conhecimentos sobre tuberculose em 177 trabalhadores da saúde de 12 instituições de saúde públicas e particulares vinculadas ao programa de prevenção e controle de tuberculose, da Secretaria Distrital de Saúde, em uma localidade de Bogotá. Para reunir os dados, desenhou-se um instrumento de avaliação que foi administrado entre os

  3. Reflexões sobre estresse e Burnout e a relação com a enfermagem

    OpenAIRE

    Murofuse, Neide Tiemi; Abranches, Sueli Soldati; Napoleão, Anamaria Alves

    2005-01-01

    Tendo como objetivos diferenciar Estresse e Burnout e estabelecer a relação desses com o trabalho da enfermagem, realizou-se estudo bibliográfico para subsidiar a compreensão sobre o sofrimento psíquico no trabalho. O estudo foi realizado como base na análise e interpretação de artigos, teses e dissertações produzidas entre 1990 a 2001. Embora haja consenso entre os estudiosos sobre a existência do Estresse e Burnout, diversas controvérsias estão envolvidas. São teorias que nascem no contexto...

  4. O impacto dos valores organizacionais no estresse ocupacional: um estudo com professores de ensino médio

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Karla Rejane Canova

    2010-10-01

    Full Text Available Este estudo teve como objetivo identificar o poder preditivo dos valores organizacionais sobre o nível de estresse ocupacional entre docentes do ensino médio. Utilizaram-se a escala de estresse no trabalho e o inventário de perfis dos valores organizacionais. Participaram da pesquisa 321 professores. A análise fatorial para estresse apontou para dois fatores, e o escalonamento multidimensional do inventário de valores organizacionais indicou 5 tipos motivacionais: ética e preocupação com a coletividade; domínio, prestígio e realização; autonomia e bemestar; conformidade; e tradição. A regressão múltipla sugere que quanto mais o professor percebe valores organizacionais de autonomia e bem-estar e ética e preocupação com a coletividade, menos ele relata estresse ocupacional. Atividades físicas e licenças médicas também apresentaram impacto. Concluiu-se que os valores organizacionais influenciam significativamente o estresse ocupacional e que a gestão da cultura organizacional pode melhorar o nível de estresse.

  5. Autopercepção do estresse em cuidadores de pessoa em sofrimento mental

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Flávia de Oliveira Santos

    2012-03-01

    Full Text Available O estudo objetivou avaliar a autopercepção do estresse entre familiares cuidadores de pessoa em sofrimento mental. Participaram 54 familiares cuidadores de usuário em tratamento em serviço de saúde mental há pelo menos um ano que residiam juntos. Aplicou-se um roteiro elaborado para esta pesquisa com vista a identificar os dados sociodemográficos e da autopercepção do estresse dos participantes, identificando-se a percepção do cuidador quanto ao estresse e aos fatores desencadeantes. Os resultados foram tratados por meio de estatística descritiva e análise de conteúdo segundo frequência de respostas. Dos participantes, 81,5% se perceberam com algum grau de estresse e entre estes, alguns aspectos da convivência com a pessoa em sofrimento mental foram avaliados como os que mais frequentemente contribuíam para esta percepção. Conclui-se que a experiência de cuidador de usuário de serviço de saúde mental é significada como estressante, necessitando apoio, orientação e auxílio em relação ao convívio no ambiente doméstico.

  6. Vulnerabilidade ao estresse no trabalho e percepção de suporte familiar em porteiros: um estudo correlacional Vulnerability to the stress at work and perception of family support in doormen: a correlational study

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristiane Oliveira Alves Telles Nunes

    2011-04-01

    Full Text Available Este estudo objetivou avaliar e correlacionar os níveis de vulnerabilidade ao estresse no trabalho e percepção de suporte familiar em trabalhadores porteiros. Participaram 100 porteiros de uma empresa prestadora de serviços de médio porte. Utilizou-se o questionário de caracterização, a Escala de Vulnerabilidade ao Estresse no Trabalho (EVENT e o Inventário de Percepção de Suporte Familiar (IPSF. A idade média dos participantes foi de 37,8 anos; trabalhavam na empresa, em torno de quatro anos e como porteiros, em média, há cinco anos. Os resultados mostraram uma pontuação média na medida de estresse geral da EVENT, sugerindo indicação de poucos estressores nesse grupo de porteiros. O IPSF também apresentou pontuação média, indicando que grande parte dos participantes possui percepção de bom suporte familiar. As análises mostraram correlações negativas fracas, porém estatisticamente significantes, entre a dimensão adaptação familiar do ipsf e as dimensões clima e funcionamento organizacional, pressão no trabalho e total da EVENT.This study had the objective of evaluating and correlating the levels of work stress vulnerability and family support perception in doormen workers. 100 doormen of a medium sized, service provider company took part. A characterization questionnaire, the Scale of Vulnerability to the Stress at Work (EVENT, and the Inventory of Perception of Family Support (IPSF were used. The age average of the participants was 37,8 years old, who worked in the company around four years, and as doormen, an average of five years. The results showed an average score that was obtained in measuring general stress of EVENT, suggesting that few stress factors were indicated on this doormen group. The IPSF also presented an average score, indicating that most of the participants have the perception of good family support. The analysis showed negative correlations between work stress vulnerability and family

  7. Competência de trabalhadores da construção civil na resolução de problemas práticos: A relação entre representação e prática na ação eficaz

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renata Bastos Ferreira Antipoff

    Full Text Available Resumo Este artigo trata das inter-relações entre representações e prática na ação eficaz, por meio da análise das atividades de pedreiros. Duas posições antagônicas têm dominado o debate, polarizado entre a predominância das representações ou dos aspectos situacionais e corporais na ação competente. Para o cognitivismo, as representações determinam a ação eficaz, já para a ação situada, as habilidades incorporadas e as interações locais explicam a eficácia da ação. Apresentamos uma alternativa que situa a inteligência humana no âmbito da prática, sua dimensão representacional aparecendo como cognição na ação, através de um estudo empírico realizado com dois trabalhadores da construção civil resolvendo problemas no canteiro de obras. A metodologia do Curso da Ação mostra-se adequada a este propósito pois permite analisar a atividade sem cair no cognitivismo. Os resultados confirmam a pertinência de deslocar a inteligência prática para o âmbito da própria prática, confirmando assim o paradigma da ação situada.

  8. Coping mechanisms used by non-burned out and burned out workers in the family health strategy Mecanismos utilizados para enfrentar el agotamiento por trabajadores que actúan en el programa estrategia de la salud de la familia Mecanismos de enfrentamento utilizados por trabalhadores esgotados e não esgotados da estratégia de saúde da família

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Letícia de Lima Trindade

    2009-10-01

    Full Text Available This study aimed to investigate stress coping mechanisms used by workers of 16 Family Health Strategy (FHS teams in Santa Maria, RS, Brazil. Six workers with scores compatible with the Burnout Syndrome, identified through the Maslach Burnout Inventory, and six workers without the syndrome were interviewed in January and February 2007. In the reports' content analysis, we identified that burned out workers predominantly used individual mechanisms to cope with occupational problems, while non-burned out workers sought collective mechanisms. These findings indicate the importance of interpersonal relationships among FHS team members to cope with occupational stress and the need to develop collective strategies to prevent stress and maintain workers' health.La investigación objetivó investigar los mecanismos para enfrentar el estrés, utilizados por los trabajadores de los dieciséis equipos de la Estrategia de la Salud de la Familia (ESF de Santa Maria, RS, Brasil. Fueron entrevistados, en los meses de enero y febrero de 2007, seis trabajadores con puntajes compatibles con el síndrome de Burnout, identificados por el Maslach Burnout Inventory, y seis sin el síndrome. En el análisis de contenido de las declaraciones, se identificó que los trabajadores agotados utilizan, predominantemente, mecanismos individuales para enfrentamiento de los problemas laborales, en cuanto los no agotados recurren a mecanismos colectivos. Lo encontrado apunta para la importancia de las relaciones interpersonales entre los miembros del equipo de la ESF para el enfrentamiento del estrés laboral y para la necesidad de construir estrategias colectivas, con el objetivo de prevenir el estrés y mantener la salud del trabajador.A pesquisa objetivou investigar os mecanismos de enfrentamento do estresse utilizados pelos trabalhadores das dezesseis equipes da Estratégia de Saúde da Família (ESF de Santa Maria, RS, Brasil. Foram entrevistados, nos meses de janeiro e

  9. Acidente com material biológico entre trabalhadores da área de expurgo em centros de material e esterilização - DOI: 10.4025/actascihealthsci.v26i2.1577 Accident with biological material with workers of expurgation area in central supply - DOI: 10.4025/actascihealthsci.v26i2.1577

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Shellen Bueno de Souza

    2004-04-01

    Full Text Available A limpeza dos artigos odonto-médico-hospitalares realizada por métodos manuais aumenta o risco de acidentes com material biológico. Foram objetivos deste estudo caracterizar os acidentes envolvendo exposição a material biológico entre trabalhadores de expurgos; identificar a freqüência da subnotificação dos acidentes e descrever as medidas de prevenção adotadas. Após aprovação em comitê de ética e consentimento dos trabalhadores, os dados foram coletados mediante entrevista com 111 trabalhadores de Centros de Material e Esterilização de hospitais da cidade de Goiânia, Estado de Goiás. Evidenciou-se que (33 29,8% dos profissionais relataram ter sofrido acidentes, destes (24 72,7% foram notificados e nove (27,3% não foram. A maioria (92,8% não soube citar os Equipamentos de Proteção Individual indicados para uso no expurgo. Os acidentes foram, predominantemente, ocasionados por objetos perfurocortantes, envolvendo membros superiores. Concluiu-se que a maioria dos profissionais não adere às medidas preventivas, o que os expõem a situações de risco que se agravam quando os acidentes não são notificados.The cleaning of odonto-medical-hospital articles made by handy methods increases the risk of accidents with biological material. This article has as purposes: to characterize accidents involving the exposure of expurgation’s workers to biological material; to identify the incidence of accident’s subnotifications and to describe the prevention’s steps chosen. After the approval of an Ethics Committee and the worker’s permission, the data were collected in an interview with 111 workers of Central Supply. These employers work in hospitals with a hundred or more beds, located in Goiânia-GO. The article showed that (33 29,8% of the workers listened said that they had accidents. Among these accidents, (24 72,7% were notified and nine woren’t. The majority of the workers, 92,8%, didn´t know the individual

  10. Transtornos de humor e de ansiedade comórbidos em vítimas de violência com transtorno do estresse pós-traumático

    OpenAIRE

    Quarantini, Lucas de Castro; Rodrigues Netto, Liana; Nascimento, Mônica Andrade; Almeida, Amanda Cristina Galvão Oliveira de; Sampaio, Aline S.; Miranda-Scippa, Angela; Bressan, Rodrigo Affonseca; Koenen, Karestan C.

    2009-01-01

    P. 66-76. OBJETIVO: Buscar estudos que avaliem a comorbidade entre transtorno de estresse pós-traumático e transtornos do humor, bem como entre transtorno de estresse pós-traumático e outros transtornos de ansiedade. MÉTODO: Revisamos a base de dados do Medline em busca de estudos publicados em inglês até abril de 2009, com as seguintes palavras-chave: "transtorno de estresse pós-traumático", "TEPT", "transtorno de humor", "transtorno depressivo maior", "depressão maior", "transtorno bi...

  11. Transtornos de humor e de ansiedade comórbidos em vítimas de violência com transtorno do estresse pós-traumático

    OpenAIRE

    Quarantini,Lucas C.; Netto,Liana R.; Andrade-Nascimento,Monica; Almeida,Amanda Galvão-de; Sampaio,Aline S.; Miranda-Scippa,Angela; Bressan,Rodrigo A.; Koenen,Karestan C.

    2009-01-01

    OBJETIVO: Buscar estudos que avaliem a comorbidade entre transtorno de estresse pós-traumático e transtornos do humor, bem como entre transtorno de estresse pós-traumático e outros transtornos de ansiedade. MÉTODO: Revisamos a base de dados do Medline em busca de estudos publicados em inglês até abril de 2009, com as seguintes palavras-chave: "transtorno de estresse pós-traumático", "TEPT", "transtorno de humor", "transtorno depressivo maior", "depressão maior", "transtorno bipolar", "distimi...

  12. Between reward and suffering: the bank workers’ view of the flexibility discourse / Entre a recompensa e o sofrimento: a visão de trabalhadores bancários sobre o discurso da flexibilidade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rejane Prevot Nascimento

    2016-08-01

    o tema, que é a identificação, por parte dos empregados, do uso do discurso da flexibilidade como um instrumento de controle.Principais aspectos metodológicos: O estudo utilizou uma abordagem qualitativa, com entrevistas semi-estruturadas para a coleta dos dados. Os dados foram analisados com base na análise de conteúdo.Síntese dos principais resultados: A transformação do perfil do trabalhador bancário, no sentido de ser mais flexível, o expôs a práticas de gestão mais perversas, pois, imbuídos pelo discurso da empresa, tornam-se escravos do alto desempenho. O bancário passou a ser visto principalmente como um vendedor. Apesar se mostrarem-se insatisfeitos com as condições de trabalho, os sujeitos entrevistados submetem-se às pressões do trabalho para manutenção do seu padrão de vida.Principais considerações/conclusões: As práticas flexíveis estão tão inseridas no cotidiano de trabalho dos bancários que não são percebidas como instrumento de controle e dominação sobre eles. Por fim, concluiu-se que a ideologia predominante na sociedade contemporânea potencializa o discurso da gestão de pessoas que, por sua vez, operacionaliza o discurso da flexibilidade, conforme apontado por Sennet (2008 e Gaulejac (2007.

  13. Comorbidade entre transtorno de estresse pós-traumático e abuso e dependência de álcool e drogas: uma revisão da literatura Comorbidity of post traumatic stress disorder (PTSD with alcohol and drug abuse and dependency: a literature review

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Heloisa de Souza Dantas

    2008-01-01

    Full Text Available CONTEXTO: Pesquisas revelam uma alta comorbidade entre o transtorno de estresse pós-traumático (TEPT e o abuso e dependência de álcool e drogas (ADAD. OBJETIVOS: Descrever a natureza da associação entre TEPT e ADAD, as diferenças entre os gêneros feminino e masculino, bem como os principais tratamentos utilizados. MÉTODOS: Pesquisa bibliográfica entre os anos de 1995 e 2007 no PubMed, utilizando os termos "trauma" AND "alcohol", "trauma" AND "substance abuse", "trauma" AND "dependence", "trauma" AND "drugs", "posttraumatic stress" AND "alcohol", posttraumatic stress" AND "substance abuse", "posttraumatic stress" AND "dependence", "posttraumatic stress" AND "drugs". RESULTADOS: As seguintes hipóteses foram identificadas: 1 o abuso de substâncias aumenta os riscos para a ocorrência de TEPT em virtude de estilos de vida que expõem mais o sujeito à ocorrência de traumas e pelo fato de as drogas potencializarem as seqüelas do trauma; 2 o TEPT levaria ao aumento do uso de álcool e drogas acompanhado de possível abuso com o objetivo de aliviar sintomas decorrentes do transtorno. Conclusões: A identificação precoce da comorbidade entre o TEPT e o ADAD é fundamental para o bom prognóstico do paciente, bem como o atendimento adequado às vítimas de situações traumáticas para que sejam minimizadas as chances da ocorrência do TEPT.BACKGROUND: The literature reveals high comorbidity rates between post traumatic stress disorder (PTSD and substance abuse and dependence (SAD. OBJECTIVES: This paper seeks to describe the relationship between the two disorders; the gender differences; and the primary treatments used to reduce PTSD as well as SAD symptoms. METHODS: A review of the literature between 1995 and 2007. A PubMed search was used to find articles with the key words: "trauma" AND "alcohol", "trauma" AND "substance abuse", "trauma" AND "dependence", "trauma" AND "drugs", "post traumatic stress" AND "alcohol", post traumatic

  14. INATIVIDADE FÍSICA E COMPORTAMENTOS ADVERSOS PARA A SAÚDE ENTRE PROFESSORES UNIVERSITÁRIOS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jaqueline de Oliveira Santana

    Full Text Available RESUMO Introdução: A inatividade física onera a sociedade pelo crescente custo dos cuidados médicos e perda de produtividade, além de figurar entre os quatro principais fatores de risco de doenças crônicas. Objetivo: Verificar os fatores associados à inatividade física, avaliada pela taxa de equivalentes metabólicos (MET, entre professores de uma universidade pública. Métodos: Estudo transversal, com amostra probabilística, incluindo 163 trabalhadores. Além da inatividade física (<450 MET.min/semana, avaliaram-se idade, sexo, estado civil, tabagismo, consumo excessivo de álcool, percepção da saúde e do estresse, presença de diabetes, hipertensão, lombalgia, depressão, doenças do coração e consumo de frutas/verduras/legumes, gordura não saudável, refrigerante e sal. As razões de prevalências e os intervalos de confiança (95% foram estimados pela regressão de Poisson. Resultados: Os participantes fisicamente inativos tinham menor consumo de frutas/verduras/legumes, consumo excessivo de álcool e pior percepção da saúde. Conclusão: Sugere-se que a inatividade física está associada a um maior perfil de risco de saúde, e a ocorrência simultânea desses fatores deve ser considerada no planejamento das ações de saúde para grupos de trabalhadores e população geral.

  15. Comparação da percepção de fadiga e de capacidade para o trabalho entre trabalhadores têxteis de empresas que se encontram em diferentes estágios de responsabilidade social empresarial no estado de São Paulo, Brasil Comparison of fatigue and workability among textile workers of companies in different stages of corporate social responsibility in the state of São Paulo, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ricardo Jorge Metzner

    2008-12-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Comparar as características demográficas e as percepções da capacidade para o trabalho, fadiga e condições de trabalho entre trabalhadores de indústrias têxteis que estejam em diferentes estágios de responsabilidade social empresarial (RSE. MÉTODOS: Em estudo transversal, 126 trabalhadores de três empresas e cinco fábricas responderam a questionário de caracterização demográfica, condições e estilos de vida, a autoavaliações sobre fadiga, condições de trabalho e capacidade para o trabalho. As empresas foram classificadas em dois grupos de pontuação de indicadores de RSE (o grupo um de menor pontuação e o grupo dois de maior pontuação, com base nas respostas dadas em questionário específico. RESULTADOS: Não foram encontradas diferenças (p > 0,05 nos resultados de capacidade para o trabalho, fadiga e na maior parte dos dados demográficos obtidos entre os trabalhadores dos dois grupos. As melhores condições de trabalho, no grupo de maior pontuação (p = 0,008, deveram-se principalmente ao fornecimento de refeições nas fábricas. CONCLUSÕES: O desenvolvimento e a implementação de projetos de RSE não implicam, necessariamente, em melhores condições de trabalho ou em percepções dos trabalhadores de menor fadiga ou maior capacidade para o trabalho, em relação a empresas que não dispõem desses projetos. Por tratar-se de estudo transversal com população reduzida e como a capacidade para o trabalho pode diminuir com o envelhecimento do trabalhador novos estudos, preferencialmente longitudinais, deverão ser realizados, com populações maiores.OBJECTIVES: To compare demographic data and perception of workability, fatigue and working conditions among groups of workers of textile industries in different stages of Corporate Social Responsibility (CSR. RATIONAL: Cross-sectional study with 126 workers of 5 textile plants and 3 companies, they were asked to fill out a questionnaire to evaluate

  16. Estresse e enfrentamento em professores: uma análise da literatura

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kelly Ambrosio Silveira

    2014-12-01

    Full Text Available O estresse tem sido associado a problemas de saúde em professores, sendo importante compreender suas estratégias de enfrentamento (coping. Assim, o presente estudo revisou a literatura sobre estresse e coping em professores, com a análise dos principais resultados de pesquisas da área e de suas características metodológicas. Foram analisados artigos publicados entre 2006-2011 em bases internacionais do Portal Periódicos/CAPES, com as palavras-chave: stress, coping e teacher. Os 19 artigos sobre o tema disponíveis integralmente foram analisados. A partir desse material, procedeu-se análise relacionada ao estresse, às estratégias de enfrentamento e às suas implicações para o trabalho docente. É evidenciada a necessidade de práticas avaliativas e interventivas em atenção ao coping e aos sintomas de estresse, de modo a ampliar a compreensão sobre os processos que levem ao bem-estar docente e, consequentemente, à qualidade do ensino ofertado.

  17. Estresse laboral e raciocínio inferencial: um estudo correlacional

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Paula Porto Noronha

    Full Text Available O objetivo desse estudo foi verificar as relações entre estresse laboral e raciocínio inferencial, sexo e idade. Os instrumentos utilizados foram a escala de vulnerabilidade a estressores no trabalho (EVET e raciocínio inferencial (RIn. Participaram da pesquisa 64 alunos de Psicologia e Engenharia de uma instituição privada do interior do Estado de São Paulo, sendo que, no total, 81,2% eram do sexo masculino, e 18,8%, do sexo feminino, com idade variando de 18 a 45 anos (M=24, DP=5,78. Em relação aos fatores da escala de estresse, encontrou-se correlação negativa significativa entre o fator três (falta de suporte organizacional e o RIn. Dentre as demais análises realizadas, destaca-se a correlação negativa significativa entre EVET e RIn (r =-0,25; p=0,047, o que indica que, quanto maior o estresse, menor a capacidade de raciocínio inferencial.

  18. Accidents with potentially hazardous biological material among workers in hospital supporting services Accidentes con material biológico entre trabajadores de servicios de apoyo hospitalario Acidentes com material biológico entre trabalhadores dos serviços de apoio hospitalar

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Silvia Rita Marin da Silva Canini

    2005-08-01

    ón por patógenos vehiculados por el sangre. Son necesarios programas educativos específicos para estos trabajadores, con énfasis el los aspectos preventivos.Estudo descritivo objetivou caracterizar os acidentes ocupacionais envolvendo material potencialmente contaminado e os trabalhadores dos serviços de Apoio Hospitalar. O estudo revisou dados de trabalhadores envolvidos nestes acidentes e atendidos num ambulatório especializado de um hospital terciário de grande porte, no período de janeiro de 1997 a outubro de 2001. Neste período foram atendidos 2814 trabalhadores de diversas categorias profissionais, sendo que destes 147 (5,2% pertenciam aos Serviços de Apoio e registraram 156 acidentes. A categoria mais atingida foi auxiliar de limpeza (80,2%, e um terço dos trabalhadores não havia recebido nenhuma dose da vacina contra hepatite B (35,4%. A maioria dos acidentes foi perfurocortante (96,8%, ocasionados por agulhas ocas descartadas em local impróprio. A quimioprofilaxia não foi indicada em apenas 23,1% dos casos. Conclui-se que estes profissionais também estão sujeitos a adquirirem patógenos veiculados pelo sangue e programas educacionais periódicos são necessários.

  19. Capacidade para o trabalho entre trabalhadores de um condomínio de empresas de alta tecnologia Capacidad de trabajo entre trabajadores en un condominio de empresas de alta tecnología Work ability among workers from a condominiun of high technology companies

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ângela Cristina Puzzi Fernandes

    2006-12-01

    Full Text Available Importantes transformações ocorreram nas duas últimas décadas, no setor industrial como a incorporação de estagiários e terceirizados. Estudo epidemiológico transversal (n=190 trabalhadores que teve por objetivo avaliar a capacidade para o trabalho e traçar o perfil sociodemográfico, estilo de vida e de trabalho, de trabalhadores permanentes, terceirizados e estagiários de um condomínio de empresas de alta tecnologia. Foi utilizado o Índice de Capacidade para o Trabalho e questionário com dados sociodemográficos e estilo de vida. Houve predomínio dos jovens e solteiros (63,2%. Poucos eram tabagistas (13,2%; 62,6% realizavam atividades físicas e 44,2% tinham doença com diagnóstico médico. Este estudo é de grande importância devido a rotatividade dos trabalhadores e a ausência, em geral, de um serviço de saúde do trabalhador.Importantes transformaciones han ocurrido en las dos últimas décadas, en el sector industrial el uso de trainees y de terceros. En un estudio transversal, 190 trabajadores, con el objetivo de evaluar la habilidad para el trabajo y trazar el perfil sociodemográfico, estilos de vida y de la función de trabajadores, terceros y trainees, en un condominio de empresas de alta tecnología. Utilizado el Índice de Habilidad para el Trabajo y un cuestionario con datos demográficos y estilo de vida. Hubo, predominando jóvenes y solteros (63,2%. Pocos eran fumadores (13,2%, 62,6% realizaban actividades físicas, 44,2% tenían enfermedad con diagnóstico médico. El estudio es de gran importancia, teniendo en vista su rotatividad y la ausencia, en general, de un servicio de salud del trabajador.Remarkable transformation occurred in the last two decades on the industrial sector, such as the use of trainees and outsourced labor. In a epidemiological cross-sectional study, 190 workers, aimed at assessing work ability and building up a socio-demographic life styles of workers, outsourced workers and trainees

  20. Estresse e estratégias de enfrentamento em pacientes que serão submetidos à cirurgia de colecistectomia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    André Faro Santos

    2006-06-01

    Full Text Available A presente pesquisa objetivou comparar o estresse em pacientes no pré-operatório da cirurgia de colecistectomia em relação aos pacientes submetidos ao tratamento clínico de gastrite, buscando também delinear as estratégias de enfrentamento utilizadas por esses pacientes. A amostra foi composta por dois grupos, sendo 15 pacientes cirúrgicos e 10 pacientes do tratamento clínico. Para a detecção do estresse utilizou-se o Inventário de Sintomas de Stress para Adultos de Lipp e para o conhecimento das estratégias de enfrentamento, aplicou-se o Inventário de Estratégias de Coping de Folkman e Lazarus. Nos resultados, constatou-se que a maioria dos pacientes cirúrgicos teve estresse (73,3%, enquanto no grupo do tratamento clínico, somente 10% deles apresentaram. Predominaram pacientes na fase de resistência (72,7% e com sintomas físicos (63,3%. Houve relação estatisticamente significativa entre o sexo e o diagnóstico de estresse, indicando que o sexo feminino apresentou maior ocorrência de estresse na amostra pesquisada (p<0,05. Acredita-se que a cirurgia caracterizou-se como um fator estressante, ressaltando a necessidade da implementação de ações que visem o manejo adequado do estresse, em vista da redução da tensão no pré-cirúrgico e uma melhor recuperação no pós-cirúrgico.   Palavras-chave: estresse; cirurgia; enfrentamento.

  1. Riscos de contaminação ocasionados por acidentes de trabalho com material pérfuro-cortante entre trabalhadores de enfermagem Riesgos de contaminación ocasionados por accidentes de trabajo con material corto-punzante en trabajadores de enfermeria Contamination risks caused by occupational accidents with cutting and piercing material among nursing workers

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Helena Palucci Marziale

    2004-02-01

    Full Text Available Esta pesquisa teve por objetivo identificar dentre os trabalhadores de enfermagem, de quatro hospitais da região de Ribeirão Preto-SP, aqueles que foram acometidos por acidente de trabalho com material pérfuro-cortante e encaminhados para avaliação a um serviço especializado no tratamento de doenças infecciosas, os que foram contaminados e as condutas adotadas diante do acidente. Trata-se de pesquisa de campo de caráter descritivo. A amostra foi constituída por 30 sujeitos e os dados foram coletados através de consulta ao prontuário médico dos trabalhadores. Os resultados revelaram que nenhum dos trabalhadores foi contaminado pelos vírus HBV, HCV, ou HIV, no entanto, foi observado que apenas 23,33% dos trabalhadores compareceram a todos os retornos agendados para verificação de possível soroconversão. Em relação às condutas tomadas diante do acidente, foi indicado o uso de quimioprofilaxia em 76,67% dos casos, exames sorológicos em 100% dos casos e imunização contra hepatite em 9,99% dos casos. Devido à grande ocorrência de acidentes percutâneos, segundo estimativas oficiais de outros países, concluímos que maior atenção deva ser direcionada para a prevenção desses acidentes, bem como ao rigor do seguimento pós-exposição ocupacional.Esta investigación tuvo como objetivo identificar entre los trabajadores de enfermería de cuatro hospitales de la región de Ribeirão Preto, SP, Brasil, afectados por accidente de trabajo con material corto-punzante y remitidos para evaluación a un servicio especializado en el tratamiento de enfermedades infecciosas, los que fueron contaminados y las conductas adoptadas con relación al accidente. Se trata de una investigación de campo de carácter descriptivo. La muestra estuvo constituida por 30 sujetos y los datos fueron recolectados a través de consulta al informe médico de los trabajadores. Los resultados revelaron que ninguno de los trabajadores fue contaminado por el

  2. Estresse em familiares de crianças com transtornos do aprendizado

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renata Mousinho

    2011-05-01

    Full Text Available Introdução: Considerando-se a criança parte ativa no núcleo familiar, um déficit na leitura provoca efeitos em toda a família. O baixo rendimento escolar decorrente de dislexia ou distúrbio de aprendizagem pode aumentar o nível de estresse dos familiares.   Metodologia: participaram do projeto de pesquisa dezesseis responsáveis por crianças atendidas no Ambulatório de Transtornos da Língua Escrita, INDC-UFRJ. Foram utilizados dois questionários, sendo um estruturado: estresse, versão reduzida e um questionário específico de problemas de aprendizagem, semi-aberto, calcado nas dificuldades relatadas pelas famílias na prática clínica. Nos dois casos, as respostas deveriam ser dadas considerando-se os momentos antes e depois do diagnóstico. Resultados: foram reveladas correlações estatísticas (Pearson entre os itens dos dois questionários: significância estatística entre estresse x melhores resultados escolares e estresse x compreensão da escola. Na comparação entre o momento antes e depois do diagnóstico, evidenciou-se decréscimo substancial do impacto do estresse nos seguintes aspectos e momentos: durante o período de provas, na relação com a escola, na baixa auto-estima/ sofrimento da criança, nas terapias de apoio, em relação ao julgamento dos outros, na implicância de colegas, e na não compreensão da própria dificuldade. Conclusão: Transtornos do Aprendizado  podem ser fonte de estresse na família. A compreensão da escola somada aos melhores resultados escolares ajudam a diminuí-lo. O diagnóstico, associado à compreensão das dificuldades, é um período em que a redução se torna mais visível. Tais dados confirmam que é um importante momento para oferecer esclarecimento e apoio aos familiares.

  3. Estudo de sintomas musculoesqueléticos, fatores de risco e exposição física em trabalhadores de escritório

    OpenAIRE

    Dechristian França Barbieri

    2013-01-01

    A alta incidência de distúrbios musculoesqueléticos em trabalhadores que utilizam o computador pode estar associada a diferentes fatores de risco como psicossociais, organizacionais e ergonômicos. Dentre os fatores de risco psicossociais, estão a satisfação do trabalhador com o trabalho, a intensidade e carga de trabalho e a relação entre demanda e controle que o trabalhador apresenta sobre seu trabalho. Embora esses fatores não sejam preponderantes no desenvolvimento das lesões musculoesquel...

  4. Relação contemporânea entre trabalho, qualificação e reconhecimento: repercussões sobre os trabalhadores técnicos do SUS The contemporary relationship between work, qualification and recognition: repercussions on the Unified Health System (SUS workers

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Filippina Chinelli

    2013-06-01

    Full Text Available Este artigo discute a relação entre trabalho, qualificação e reconhecimento tal como ocorre hoje no âmbito da saúde, considerando mais especificamente a inserção laboral dos trabalhadores técnicos no SUS, a maneira como percebem as relações de trabalho nas quais se inserem e a autoconstrução de suas subjetividades. Com base na revisão da literatura pertinente, o tema é tratado no contexto mais geral das mudanças em curso no mundo do trabalho, as quais estão associadas à intensificação, à flexibilização e à precarização das relações de trabalho, com rebatimentos nos aspectos específicos mencionados. Procura-se estabelecer um diálogo crítico com a vertente analítica que enfatiza o cotidiano de trabalho como instância privilegiada de superação das contradições que hoje caracterizam o campo do trabalho e da educação no SUS. O texto põe ênfase nas seguintes questões: na análise da relação trabalho-educação sob a ótica do conceito de qualificação; na ampliação do significado do trabalho em saúde; e na avaliação crítica de políticas que acabam por responsabilizar os trabalhadores pela qualidade do serviço prestado.This paper discusses the relationship between work, qualification and recognition as it occurs in the field of health today, specifically considering the employability of technical workers in the Unified Health System, the way they perceive the employment relationship with respect to their self-esteem regarding their subjectivities. Based on a review of the relevant literature, the subject is treated in the wider context of ongoing changes in the workplace, which are associated with intensification, flexibility and precariousness of labor relations, with repercussions on the specific aspects mentioned. An attempt is made to establish a critical dialogue with the analytical aspect that emphasizes daily work as a privileged forum for overcoming the contradictions that characterize the

  5. Indicadores de estresse e estratégias de enfrentamento em professores de ensino multisseriado

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kelly Ambrósio Silveira

    Full Text Available Ensinar em classes multisseriadas pode ser estressante, especialmente em zonas rurais, devido ao deslocamento e falta de recursos. Este estudo identificou estressores percebidos no trabalho, avaliou o estresse, a ansiedade e as estratégias de enfrentamento correlacionando-os com variáveis pessoais e do trabalho de 21 professores responsáveis por duas a três séries/classe, com 16,4 alunos, em média. Identificou-se, em 57% da amostra, estresse relacionado à ansiedade (moderada a grave em 30%. Os estressores mais frequentes foram pouco acompanhamento familiar e problemas motivacionais e comportamentais dos alunos. Predominaram estratégias de enfrentamento baseadas na solução de problemas, especialmente entre professores sem estresse e/ou com mais séries/classe, seguidas de busca de práticas religiosas. Estas se correlacionaram com a busca de suporte social e com o tempo de serviço, especialmente entre os casados e aqueles com menos séries/turmas. São necessários mais estudos sobre o impacto do contexto de ensino multisseriado na saúde mental dos docentes.

  6. Avaliação da qualidade de vida e vulnerabilidade ao estresse no contexto hospitalar

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernanda Ottati

    2013-05-01

    Full Text Available O conceito de Qualidade de Vida é usado para medir as condições de vida de um ser humano, já a palavra vulnerabilidade refere-se à chance das pessoas estarem expostas ao adoecer. Objetivou-se analisar possíveis relações entre percepção de qualidade de vida e a vulnerabilidade ao estresse no trabalho em enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem que atuam na UTI e no setor de emergência de um hospital público. Utilizou-se o instrumento de qualidade de vida da Organização Mundial da Saúde, WHOQOL-Bref e a Escala de Vulnerabilidade ao Estresse no Trabalho. Encontrou-se, em relação ao setor de trabalho, diferença significativa apenas para Qualidade de vida total. Portanto pode-se afirmar que os profissionais que atuam na UTI possuem maior percepção de qualidade de vida quando comparados aos do SUS. Na correlação entre os dois instrumentos, o domínio meio ambiente do WHOQOL-Bref correlacionou-se negativa e significativamente com todos os fatores da EVENT, indicando que a percepção da pessoa em relação aos diversos aspectos do meio em que vive tem relação com a vulnerabilidade ao estresse.

  7. Análise dos efeitos agudos do laser de baixa intensidade. (660nm) sobre os níveis de estresse oxidativo de ratos diabéticos com feridas na pele

    OpenAIRE

    Denadai, Amanda Silveira

    2013-01-01

    Introdução: O termo estresse oxidativo é utilizado quando se evidencia um desequilíbrio entre os sistemas pró e antioxidantes. A laserterapia influencia parâmetros de estresse oxidativo como a alteração da atividade das enzimas antioxidantes e a produção de espécies reativas de oxigênio (ERO). Objetivo: Analisar o efeito da laserterapia de baixa intensidade - LLLT sobre o estresse oxidativo provocado por ferida cirúrgica aguda em ratos diabéticos. Materiais e métodos: ...

  8. Hábitos do sono, estresse e ansiedade de crianças com bruxismo

    OpenAIRE

    Mariana Fernandes Calderan

    2015-01-01

    Ainda não existe consenso sobre os aspectos etiológicos e sinais e sintomas do bruxismo, especialmente em crianças. Poucas são as evidências que demonstraram a relação entre estresse, ansiedade e bruxismo. Além disso, a força de mordida pode ser alterada em pacientes com este tipo de manifestação. O presente estudo teve por objetivos avaliar a relação do bruxismo com: ansiedade, estresse, hábitos do sono, força máxima de mordida, a presença de sinais de DTM, características morfológicas e fun...

  9. Moderadores dos efeitos do estresse na saúde auto-percebida de cuidadores

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Paula Fabrino Bretas Cupertino

    2006-06-01

    Full Text Available O objetivo do presente estudo foi examinar se percepção de benefícios no cuidar de idosos e religiosidade poderiam atuar como variáveis mediadoras na relação entre estresse do cuidador, saúde auto-percebida e tensão emocional relatada. A amostra consistiu de 345 cuidadores com idade variando entre 64 e 88 anos (M= 42,35; DP= 5,2, integrantes do Caregiver’s Health Effect Study, um dos componentes do Cardiovascular Health Study. O método de path análise identificou que, como esperado, o estresse das demandas ambientais apresentou uma relação indireta com saúde física percebida dos cuidadores. Religiosidade e estresse das demandas ambientais foram mediados pela percepção de benefícios na atividade de cuidar de idoso, resultando na diminuição da tensão emocional, a qual teve relação direta com saúde percebida. Nos grupos de baixo nível educacional, especificamente, encontrou-se que religiosidade teve um efeito direto sobre saúde auto-percebida. Os resultados sugerem assim que um importante foco na intervenção com cuidadores seria a percepção de benefícios na atividade de cuidar de idosos, devido a sua função protetora na saúde física e emocional.   Palavras-chave: cuidadores de idosos; estresse; percepção da saúde.

  10. Exposições ocupacionais por fluidos corpóreos entre trabalhadores da saúde e sua adesão à quimioprofilaxia Exposiciones ocupacionales por fluidos corporales entre trabajadores de la salud y sy adhesión a la quimioprofilaxis Occupational exposure of health care workers to organic fluids and adhesion to chemorprophilaxis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Clara Alice Franco de Almeida

    2007-03-01

    Full Text Available Os objetivos do estudo foram investigar as características do acidente e do acidentado e avaliar a adesão à quimioprofilaxia e aos exames de controle e seguimento após o acidente ocupacional com risco de contaminação pelo vírus da imunodeficiência humana e vírus das hepatites B e C. Este é um estudo epidemiológico descritivo cujos dados foram coletados nas notificações realizadas em uma região administrativa da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo, Brasil, nos anos de 2000 e de 2001. Observou-se 7,3% de recusa à quimioprofilaxia contra o vírus da imunodeficiência humana por meio de anti-retroviral, e 40,6% dos trabalhadores que a aceitaram não completaram o tratamento no tempo previsto de quatro semanas. Em razão desse diagnóstico, evidencia-se a necessidade de que as instituições envolvidas estabeleçam estratégias que possibilitem um aumento da adesão dos trabalhadores da saúde a esses cuidados.Los objetivos del estudio fueron investigar las características del accidente y del accidentado y evaluar la adhesión a la quimioprofilaxis y a los exámenes de control y seguimiento después del accidente ocupacional con riesgo de contaminación por el virus de la inmunodeficiencia humana y virus de las hepatitis B y C. Se trata de un estudio epidemiológico descriptivo cuyos datos fueron recolectados en las notificaciones realizadas en una región administrativa de la Secretaría de Estado de la Salud de Sao Paulo- Brasil, en los años 2000 y 2001. Se observó un 7,3% de rechazo a la quimioprofilaxis contra el virus de la inmunodeficiencia humana por medio de anti retroviral, y un 40,6% de los trabajadores que la aceptaron no completaron el tratamiento en el tiempo previsto de cuatro semanas. En razón de ese diagnóstico, se evidencia la necesidad de que las instituciones involucradas establezcan estrategias que posibiliten un aumento de la adhesión de los trabajadores de salud a esos cuidados.This study was aimed

  11. Síndrome de Burnout entre os trabalhadores da Estratégia de Saúde da Família Síndrome de Burnout entre los trabajadores de la Estrategia de Salud de la Familia Syndrome of Burnout among the workers of the Strategy of Health of the Family

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Letícia de Lima Trindade

    2010-06-01

    Full Text Available Trata-se de um estudo descritivo, desenvolvido junto a dezesseis equipes de Estratégia de Saúde da Família de Santa Maria (RS, que objetivou identificar os trabalhadores com a Síndrome de Burnout e as variáveis associadas a este distúrbio. A amostra foi composta por 86 trabalhadores, representando 86,3% dos profissionais (médico, enfermeiro, técnico de enfermagem, odontólogo e auxiliar de consultório dentário e 30,2% dos agentes comunitários de saúde, os quais responderam ao Maslach Inventory Burnout. A idade média do grupo foi de 36,94±9,3 anos, com predominância do sexo feminino (84,9%. A maioria possui companheiro (68,2%, tem filhos (69,4%, trabalha, em média, 3,38±1,9 anos na equipe e não realiza atividades físicas (62,8%. Identificaram-se seis trabalhadores (6,9% com a Síndrome de Burnout, a qual teve associação estatística significativa (p= 0,034 com a variável idade jovem. Os mais jovens obtiveram escores superiores nas subescalas de desgaste emocional e despersonalização do Inventário de Burnout.Se trata de un estudio descriptivo, desarrollado junto a dieciséis equipos de Estrategia de la Salud de la Familia de Santa María (RS, Brasil que tuvo como objetivo identificar a los trabajadores con el Síndrome de Burnout y las variables asociadas a este disturbio. La muestra se compuso de 86 trabajadores, que representaban el 86,3% de los profesionales (médicos, enfermeros, técnicos en enfermería, odontólogos y auxiliares de consultorio odontológico y 30,2% de los agentes comunitarios de salud, los cuales respondieron al Maslach Inventory Burnout. La edad promedio del grupo fue de 36,94±9,3 años, con predominancia de sexo femenino (84,9%. La mayoría vive en pareja (68,2%, tiene hijos (69,4%, ha trabajado en el equipo durante un promedio de 3,38±1,9 años y no realiza actividades físicas (62,8%. Se identificaron seis trabajadores (6,9% con Síndrome de Burnout, los cuales tuvieron una asociación estad

  12. RELAÇÕES APOSENTADORIA, FAMÍLIA E SAÚDE DO TRABALHADOR

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Débora Aparecida Moura Campos

    2017-01-01

    Full Text Available Resumo: Ao se aposentar, o indivíduo deixa de desempenhar seu papel de trabalhador “formal”, passando a focalizar o desempenho de um membro mais ativo na família. Este artigo teve por objetivo identificar as inter-relações entre o fenômeno da aposentadoria na família e na saúde do trabalhador, analisando as publicações nacionais, em especial, artigos científicos, no período de 2013 a 2015, a partir dos descritores “aposentadoria e família”, “aposentadoria e saúde do trabalhador”. Encontrou-se o total de 198 publicações, sendo 19 delas analisadas. Constatou-se a aposentadoria como um evento de vida e, a coincidência de sua ocorrência com a proximidade da velhice, além da estreita relação com as questões de saúde e de família, configurando-se um desafio durante o processo de envelhecimento. Concluiu-se que a inter-relação dos temas aposentadoria, envelhecimento, contexto familiar e a saúde do trabalhador estão em evidência nas publicações encontradas neste estudo.   Palavras-chave: Aposentadoria. Família. Saúde do trabalhador

  13. Predictors of PTSD symptoms in brazilian police officers: the synergy of negative affect and peritraumatic dissociation Preditores de sintomas de transtorno de estresse pós-traumático em policiais brasileiros: a interação entre afeto negativo e dissociação peritraumática

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Deborah B Maia

    2011-12-01

    Full Text Available BACKGROUND: Exposure to traumatic events is a necessary but not a sufficient condition for the development of posttraumatic stress disorder (PTSD. Pretrauma, peritrauma and posttrauma factors interact to impact on symptom severity. The aim of the present study is to determine risk factors for PTSD symptoms in Brazilian police officers. METHOD: In a cross-sectional sample of active duty officers (n = 212, participants were asked to complete a socio-demographic questionnaire and self-report scales on affective traits, cumulative critical incident exposure, peritraumatic distress and dissociation, PTSD symptoms, and social support. Hierarchical linear regression analysis was conducted to examine predictors of PTSD symptoms. RESULTS: Variables related to negative affect, job duration, frequency of critical incident exposure, peritraumatic dissociation, and lack of social support remained significant in the final model and explained 55% of the variance in PTSD symptoms. When interaction terms were evaluated, a synergistic effect between negative affect and peritraumatic dissociation was found. CONCLUSIONS: The risk factors found in this study provide clues on how to elaborate primary prevention strategies regarding PTSD symptoms in police officers. Such initiatives may lessen the impact of repeated exposure to traumatic events on police officers over the course of their careers.INTRODUÇÃO: A exposição a eventos traumáticos é uma condição necessária, porém não única, para o desenvolvimento de transtorno de estresse pós-traumático (TEPT. Fatores individuais pré, peri e pós-trauma exercem impacto sobre a gravidade dos sintomas. O objetivo do presente estudo é determinar os fatores de risco para o desenvolvimento de sintomas de TEPT em policiais brasileiros. MÉTODO: Uma amostra transversal de policiais em atividade (n = 212 foi convidada a responder um questionário sóciodemográfico e escalas autoaplicáveis sobre afeto positivo e

  14. Differential responses between mature and young leaves of sunflower plants to oxidative stress caused by water deficit Diferentes respostas entre folhas adultas e jovens de plantas de girassol ao estresse oxidativo causado pelo déficit hídrico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Inês Cechin

    2010-06-01

    Full Text Available The effects of water stress and rehydration on leaf gas exchange characteristics along with changes in lipid peroxidation and pirogalol peroxidase (PG-POD were studied in mature and in young leaves of sunflower (Helianthus annuus L., which were grown in a greenhouse. Water stress reduced photosynthesis (Pn, stomatal conductance (g s, and transpiration (E in both young and mature leaves. However, the amplitude of the reduction was dependent on leaf age. The intercellular CO2 concentration (Ci was increased in mature leaves but it was not altered in young leaves. Instantaneous water use efficiency (WUE in mature stressed leaves was reduced when compared to control leaves while in young stressed leaves it was maintained to the same level as the control. After 24h of rehydration, most of the parameters related to gas exchange recovered to the same level as the unstressed plants except gs and E in mature leaves. Water stress did not activated PG-POD independently of leaf age. However, after rehydration the enzyme activity was increased in mature leaves and remained to the same as the control in young leaves. Malondialdehyde (MDA content was increased by water stress in both mature and young leaves. The results suggest that young leaves are more susceptible to water stress in terms of gas exchange characteristics than mature leaves although both went through oxidative estresse.Os efeitos do estresse hídrico e da reidratação nas trocas gasosas juntamente com alterações na lipoperoxidação e atividade da pirogalol peroxidase (PG-POD foram estudados em folhas adultas e jovens de plantas de girassol (Helianthus annuus L. cultivadas em casa de vegetação. O estresse hídrico reduziu a fotossíntese (P N, a condutância estomática (g s e a transpiração (E nas folhas adultas e jovens. No entanto, a amplitude da redução foi dependente da idade da folha. A concentração intercelular de CO2 (Ci aumentou nas folhas adultas, mas não apresentou

  15. Perfil socioeconômico de Trabalhadores Rurais portadores de neoplasia Socioeconomic profile of Rural Workers cancer sufferers

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adrielle Chermont da Silva

    2016-07-01

    Full Text Available Objetivo: Traçar o perfil socioeconômico dos trabalhadores rurais portadores de neoplasia internados em um hospital universitário. Método: estudo do tipo descritivo com abordagem quantitativa, realizado entre agosto de 2013 a janeiro de 2014, através de busca nos prontuários e busca ativa por pacientes internados e que estivessem dentro dos critérios de inclusão. Os dados foram analisados por meio de estatística descritiva. Resultados: Foram entrevistados 59 trabalhadores rurais, advindos de diferentes municípios interioranos, que trabalhavam com variados tipos de cultivos agrícolas. Grande parcela dos entrevistados relatou fazer uso de agrotóxicos, não utilizando EPI. O tipo predominante de neoplasia encontrada foram as neoplasias do sistema digestório. Conclusões: o uso de agrotóxicos é uma realidade para os trabalhadores investigados, levando à exposição a riscos ocupacionais. Os trabalhadores da saúde necessitam implementar estratégias de atenção à saúde desses trabalhadores, no intuito de auxiliar na minimização dos riscos de exposição ocupacional aos agrotóxicos.

  16. O estresse de enfermeiros atuantes no cuidado do adulto na unidade de terapia intensiva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vinícius Rodrigues de Souza

    2012-04-01

    Full Text Available A Unidade de Terapia Intensiva (UTI mesmo havendo a centralização de recursos materiais e humanos com elevados padrões de qualidade, é um setor marcado por imprevistos e incertezas que possam ocasionar o estresse. O estudo objetivou descrever os fatores estressantes que prejudicam a saúde dos enfermeiros que atuam no cuidado do adulto nas UTI, e possíveis medidas para reduzir esses estresses apontados pela literatura. Trata-se de uma pesquisa de natureza descritiva realizada através de revisão bibliográfica sistematizada utilizando-se de artigos publicados na Biblioteca Virtual de Saúde e em demais bibliotecas: Lilacs, Bdenf e Scielo entre os anos 2004 e 2010. Os resultados mostraram que os fatores predisponentes ao estresse foram: escassez de recursos humanos e materiais, sobrecarga de trabalho, desvalorização profissional, insatisfação no trabalho, falta de trabalho em equipe, baixos salários, dentre outros. Conclui-se que é de extrema importância para o enfermeiro saber identificar os possíveis fatores estressores vivenciados por ele e sua equipe, providenciando medidas que amenizam o estresse como provar para as chefias que para se prestar uma boa assistência necessita-se ter em mãos recursos humanos e matérias favoráveis, um ambiente adequado, uma valorização profissional e trabalho em equipe, evitando assim uma sobrecarga de trabalho.

  17. Indicadores de estresse e coping no contexto da educação inclusiva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kelly Ambrosio Silveira

    2014-03-01

    Full Text Available A escola tem sido o principal meio de educação para alunos com necessidades educativas especiais (NEE, graças às políticas inclusivas. Mas as dificuldades vivenciadas na implementação de tais políticas podem contribuir para o desenvolvimento de estresse entre docentes. Tendo isso em vista, no presente artigo procurou-se identificar os estressores e os níveis de estresse docente e analisar variáveis sóciodemográficas, pessoais, do trabalho e dos alunos, de acordo com a presença de estresse. Dezenove professoras de classes de 1º, 2º e 3º ano do Ensino Fundamental de escolas públicas da cidade de Vitória/ES, regentes de classes com alunos com NEE, responderam ao Inventário de Sintomas de Stress para adultos de Lipp, a um questionário com variáveis de interesse e a seis escalas de estressores e de enfrentamento (coping, especialmente traduzidas e adaptadas para o presente estudo. A grande quantidade de alunos e seus problemas comportamentais foram os estressores mais frequentes. Especificamente com relação à educação inclusiva, destacaram-se a sobrecarga de serviço e a percepção de pouca preocupação governamental em fornecer subsídios para o trabalho. Todavia, cabe ressaltar que a inclusão de alunos com NEE foi um fator menos citado, podendo não ser a variável central para o estresse, uma vez que os docentes com estresse apontaram mais frequentemente a seguinte causa: a percepção de incompreensão pública frente ao trabalho docente. A partir dessa constatação, sugerem-se intervenções para a promoção do bem-estar entre os professores.

  18. Utilização de biomarcadores de genotoxicidade e expressão gênica na avaliação de trabalhadores de postos de combustíveis expostos a vapores de gasolina

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniel Valente

    Full Text Available Resumo Introdução: a avaliação de uma exposição mensura sua intensidade, frequência e duração, podendo detectar danos precoces que, se ignorados, podem evoluir para um quadro nocivo. Nos campos da saúde ambiental e ocupacional, os biomarcadores de genotoxicidade tem sido largamente utilizados para essa avaliação. Objetivo: identificar, descrever e discutir os principais bioindicadores de genotoxicidade e seu uso conjunto com técnicas de avaliação de expressão gênica em estudos de exposição ocupacional ao benzeno em postos de revenda de combustíveis (PRC. Métodos: revisão bibliográfica de trabalhos publicados entre 1995 e 2015. Resultados: as técnicas identificadas foram: ensaio cometa, estresse oxidativo, micronúcleos, aberrações cromossômicas, polimorfismos, adutos de DNA e proteínas, fatores epigenéticos e expressão gênica. Foi observado que testes de danos genéticos e epigenéticos são utilizados em frentistas de PRC que participam de programas de saúde do trabalhador ou de pesquisas, embora um baixo número de publicações sobre o tema tenha sido identificado. Esse fato talvez possa ser explicado pelos poucos países onde a profissão persiste e pelas limitações para o desenvolvimento de pesquisas nesses países. Conclusão: os bioindicadores de genotoxicidade e as técnicas de expressão gênica são úteis na detecção de dano precoce desta exposição ocupacional e devem ser avaliados em conjunto.

  19. Qualidade de vida no trabalho e burnout em trabalhadores de enfermagem de Unidade de Terapia Intensiva Calidad de vida en el trabajo y burnout entre profesionales de enfermería que actúan en Unidad de Cuidados Intensivos Quality of working life and burnout among nursing staff in Intensive Care Units

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Denise Rodrigues Costa Schmidt

    2013-02-01

    Full Text Available Estudo descritivo, correlacional, de corte transversal, cujos objetivos foram avaliar a Qualidade de Vida no Trabalho (QVT e a presença da Síndrome de Burnout entre profissionais de enfermagem de Unidade de Terapia Intensiva. Compuseram a amostra 53 trabalhadores de enfermagem de um hospital escola do interior do Paraná, Brasil. Utilizou-se para a coleta de dados: instrumento de caracterização sócio-demográfica e profissional, Escala Visual Analógica para QVT e o Maslach Burnout Inventory (MBI. A coleta de dados ocorreu entre abril e agosto de 2009. Predominaram auxiliares de enfermagem (52,8%, do sexo feminino (66,0%, casados (67,9%, com idade média de 42,4 anos. A média de QVT para o total da amostra foi de 71,1 (D.P.=15,5, demonstrando uma avaliação satisfatória para essa medida. As dimensões Exaustão Emocional, Despersonalização e Realização Profissional obtiveram média de 11,4 (DP=7,7, 4,6 (DP=4,1 e 25,0 (DP=5,9, respectivamente, enquanto a medida de QVT somente obteve associação estatisticamente significante com a dimensão Exaustão Emocional (p=0,000.Se trata de un estudio de correlación, descriptivo y transversal cuyo objetivo fue evaluar la calidad de vida en el trabajo (CVT y la incidencia de burnout entre trabajadores de enfermería que actúan en Unidad de Cuidados Intensivos. La muestra fue constituida por 53 profesionales de enfermería de un hospital escuela de la ciudad de Londrina-PR, Brasil. La recolecta de datos fue realizada en el período de abril a agosto de 2009 por medio de tres cuestionarios: datos generales y profesionales, Escala Visual Analógica para CVT y lo Maslach Burnout Inventory (MBI. Predominaran en la muestra auxiliares de enfermería (52,8%, del sexo femenino (66,0%, casadas (67,9%, con edad promedia de 42,4 años. En lo que concierne a la evaluación de la CVT, se obtuve promedia de 71,1 (DE=15,5, demostrando una buena evaluación para esa medida. Las dimensiones del MBI (AE, DP, RP

  20. Impactos do estresse oxidativo na produção intensiva de suínos: desafios e perspectivas. Uma Revisão

    OpenAIRE

    Bezerra, Belise Maria Oliveira; Universidade Estadual do Ceará - Fortaleza - Ceará; Evangelista, José Nailton Bezerra; Universidade Estadual do Ceará - Fortaleza - Ceará; Nunes-Pinheiro, Diana Célia Sousa; Universidade Estadual do Ceará - Fortaleza - Ceará

    2015-01-01

    O estresse oxidativo é um desequilíbrio entre espécies reativas de oxigênio (EROS) e substâncias antioxidantes dos organismos, que pode ser induzido fisiologicamente ou patologicamente, causando danos oxidativo, como por exemplo, a peroxidação lipídica. A mensuração do estresse oxidativo pode ser realizada através de biomarcadores, utilizando-se várias técnicas. Na suinocultura, a produção rentável aumenta a demanda sobre o sistema metabólico dos suínos, o que pode levar, ao estresse oxidativ...

  1. Impact of the clinical management of pain: evaluation of stress and coping among health professionals Impacto del manejo clínico del dolor en los profesionales de la salud: evaluación de estrés y enfrentamiento Impacto do manejo clínico da dor: avaliação de estresse e enfrentamento entre profissionais de saúde

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maíra Ribeiro de Oliveira Negromonte

    2011-04-01

    la actuación en enfermería. Sin embargo, también revelan la disponibilidad de factores de protección, apuntando perspectivas de intervención preventiva destinadas al equipo de enfermería.A literatura especializada destaca que o manejo clínico da dor comporta dificuldades psicológicas, associadas à busca de alívio do sofrimento dos pacientes. Sendo assim, investigaram-se a percepção de estresse e as estratégias de enfrentamento de 31 profissionais de diferentes categorias, em um centro de atendimento a grandes queimados (dor aguda e uma unidade de controle de dor e cuidados paliativos (dor crônica. Para tanto, aplicaram-se um questionário sociodemográfico, a Job Stress Scale (versão resumida e o Inventário de Estratégias de Coping. Comparativamente às demais categorias, os técnicos de enfermagem indicaram mais fatores de estresse. Em compensação, informaram maior diversidade de estratégias de enfrentamento com diferenças significativas entre os serviços. Esses resultados corroboram estudos anteriores, os quais alertam sobre as condições adversas que interferem na atuação em enfermagem. Porém, também revelam disponibilidade de fatores de proteção, apontando perspectivas de intervenção preventiva, destinada à equipe de enfermagem.

  2. Transtorno de estresse pós-traumático em dependente do álcool

    OpenAIRE

    Pulcherio,Gilda; Vernetti,Carmen; Strey,Marlene Neves; Faller,Sibele

    2008-01-01

    CONTEXTO: Os transtornos comórbidos entre dependentes químicos têm se mostrado a regra e não a exceção. O transtorno de estresse pós-traumático (TEPT) é um transtorno de ansiedade que se desenvolve após evento traumático, com importante sintomatologia. Quase 100% dos dependentes químicos que procuram tratamento relatam história de traumas, e as prevalências de TEPT têm variado entre 30% e 60%. Entre os alcoolistas, as prevalências de TEPT variam de 10% a 40%. Apesar das altas prevalências, ta...

  3. O efeito trabalhador adicional para filhos no Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elzira Lúcia de Oliveira

    2014-06-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho é testar a hipótese da existência do efeito trabalhador adicional para filhos no Brasil, procurando identificar se a situação de desemprego do chefe de família fará com que algum membro da família, cuja condição seja filho, transite para a População Economicamente Ativa - PEA. A base de dados utilizada foi a Pesquisa Mensal de Emprego - PME realizada pelo IBGE, que permite a construção de painéis para análise longitudinal de dados. A hipótese foi testada para pelo menos um filho com idade de 10 a 18 anos, entre 2002 e 2013, para as regiões metropolitanas de Belo Horizonte, Salvador, Porto Alegre, São Paulo, Rio de Janeiro e Recife, que compõem a área de abrangência da PME. Este trabalho admite a existência de diferencial por sexo do chefe para o efeito trabalhador adicional de filhos de 10 a 18 anos. Os resultados mostraram haver um efeito positivo maior para chefes homens do que para chefes mulheres, sendo que a variável de transição do filho para a atividade não apresentou significância estatística que permitisse assumir a existência do efeito. Corroborou-se a hipótese da existência de diferencial por sexo, contudo no sentido oposto ao da hipótese assumida.

  4. Factors related to the development of stress and burnout among nursing professionals who work in the care of people living with HIV/aids / Fatores relacionados ao desenvolvimento de estresse e burnout entre profissionais de enfermagem que atuam na assistência a pessoas vivendo com HIV/aids

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roberta Seron Sanches

    2018-01-01

    Full Text Available Objetivo: Identificar quais os fatores relacionados ao desenvolvimento de desgaste emocional, estresse e burnout estão presentes na assistência de enfermagem às pessoas vivendo com HIV/aids. Método: Revisão integrativa de literatura, com busca eletrônica de publicações nas bases de dados MEDLINE e LILACS, utilizando-se os descritores: esgotamento profissional, enfermagem, infecções por HIV em português e/ou em suas variações na língua inglesa. Resultados: Somente 9 artigos foram incluídos na seleção por se enquadrarem nos critérios de inclusão e atender a questão norteadora. Ressalta-se que 100% destes artigos são originários de periódicos internacionais, assim como desenvolvidos no continente africano. Conclusão: Estressores como falta de recursos, dificuldades para atender às expectativas da clientela, sobrecarga de trabalho, necessidade de lidar com a morte dos clientes e medo de contaminação estão presentes no cotidiano desses profissionais, podendo culminar na ocorrência de estresse e burnout, e comprometer a assistência prestada.

  5. LUZ, MELATONINA E ESTRESSE OXIDATIVO NA PISCICULTURA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Claudio Alberto Gellis de Mattos Dias

    2013-12-01

    Full Text Available Em peixes, como nos mamíferos, partes do sistema nervoso estão envolvidas em mecanismos para regulação dos sistemas corporais em sintonia com o meio. O fotoperíodo é traduzido em informações fisiológicas a partir da secreção de melatonina.Parece não haver barreiras morfofisiológicas para esta indolamina, isto é, a melatonina perfunde-se rapidamente em cada célula do organismo e em alguns casos interage com receptores e membrana situados na superfície celular, e parece estar ligada à ingestão de alimentos, crescimento e atividade locomotora de peixes. São moléculas importantes metabolizando espécies reativas de oxigênio a produtos inativos e, portanto, reduzindo o dano oxidativo.Este trabalho tem por objetivo fazer um breve levantamento em artigos recentes sobre luminosidade, melatonina e o estresse oxidativo em peixes, e correlaciona-los com piscicultura. Concluímos que a luminosidade parece estar ligada a produção de melatonina, e esta molécula antioxidante, que favorece a redução do estresse oxidativo, parecem melhorar o desempenho na produção de peixes em criadouros. Palavras-chave: Melatonina, estresse oxidativo, piscicultura. DOI: http://dx.doi.org/10.18561/2179-5746/biotaamazonia.v3n3p169-176

  6. Estresse, depressão e hipocampo

    OpenAIRE

    Joca,Sâmia Regiane L; Padovan,Cláudia Maria; Guimarães,Francisco Silveira

    2003-01-01

    A exposição a fatores estressantes tem papel importante no desenvolvimento de transtornos depressivos. Os mecanismos envolvidos nesta relação, no entanto, ainda são pouco conhecidos, mas algumas evidências sugerem a participação da formação hipocampal: 1. o estresse pode causar alterações plásticas no hipocampo, que incluem remodelação dendrítica e inibição de neurogênese. Drogas antidepressivas impendem estes efeitos, possivelmente por aumentarem a expressão de fatores neurotróficos; 2. a fa...

  7. Cooperativas: uma possível transformação identitária para os trabalhadores do setor informal?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Christiane Girard Ferreira Nunes

    2001-12-01

    Full Text Available Buscamos, neste artigo, refletir sobre o impacto identitário e as dinâmicas que dele resultam a partir de diferentes formas de inserção no mundo do trabalho, mais especificamente, a partir da socialização dos trabalhadores do setor informal e das cooperativas. Consideramos, portanto, estes três elementos, que ressaltamos: os trabalhadores do informal que recebem entre um e três salários mínimos; os trabalhadores das cooperativas cuja remuneração se situa em torno do mesmo patamar; algumas noções para refletir sobre a identidade no trabalho e, por fim, os vínculos entre esses três elementos a fim de perceber as mudanças que se produzem numa parte importante do mundo que vive do trabalho.

  8. Estresse ocupacional em mulheres policiais Occupational stress among female police officers

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Cecília de Souza Minayo

    2013-03-01

    Full Text Available Aborda-se o estresse ocupacional em mulheres policiais militares do Rio de Janeiro. Parte-se de uma abordagem qualitativa (entrevistas, grupos focais e observação das percepções dessas mulheres sobre diferenças de gênero no trabalho policial, relação entre estresse ocupacional e problemas de saúde e estratégias para amenizar o estresse. Participaram 42 mulheres: oficiais e praças, profissionais operacionais e de saúde. Os resultados revelam que as policiais relacionam o cotidiano do trabalho ao estresse, citam diversos sintomas e mostram como o relacionamento familiar é afetado. Seu estresse tem origem basicamente na questão organizacional e gerencial do trabalho. Discriminação de gênero e assédio são percebidos como importantes fatores estressantes. O sofrimento psíquico aparece mais fortemente entre as oficiais com cargos de chefia; e as atividades operacionais são percebidas como mais estressantes pelo risco que oferecem. O exercício físico é a estratégia considerada mais eficaz para prevenir as consequências do estresse. Conclui-se que, embora as mulheres estejam presentes na PM há muitos anos, a organização e o gerenciamento praticamente continuam sob a ótica masculina e são necessários investimentos em ações preventivas do estresse sob a perspectiva de gênero.The scope of this study is occupational stress among female police officers in Rio de Janeiro. A qualitative approach was initially used (interviews, focal groups and observations to establish their perceptions regarding gender differences in the performance of police work, the relationship between occupational stress and health issues and the strategies used to mitigate this type of stress. A total of 42 participants including female officers and staff and operational and health professionals were involved. The participants link stress to their daily work, cite a number of symptoms and show how family relationships are affected. Stress originates

  9. Sono, trabalho e estudo: duração do sono em estudantes trabalhadores e não trabalhadores Sleep, work, and study: sleep duration in working and non-working students

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Érico Felden Pereira

    2011-05-01

    Full Text Available Este estudo objetivou investigar a duração do sono e fatores associados em escolares trabalhadores e não trabalhadores. Foram coletadas informações sobre o padrão do ciclo vigília/sono de 863 adolescentes de 10 a 19 anos em escolas de São Paulo, Brasil. Análises ajustadas foram aplicadas para comparação da duração do sono entre trabalhadores e não trabalhadores. O porcentual de adolescentes trabalhadores foi de 18,4% e 52% dos jovens que trabalhavam apresentaram oito ou menos horas de sono. A prevalência de baixa duração do sono foi maior nos trabalhadores dos sexos masculino (p = 0,017 e feminino (p The aim of this study was to investigate the duration of sleep and associated factors in working and non-working students. Data were analyzed on the sleep-wake cycle in 863 teenage students in São Paulo, Brazil. Adjusted analyses were performed to compare sleep duration in working and non-working students. 18.4% of the group worked, and 52% of the working students slept eight hours or less per night. Prevalence of short sleep duration was higher in working students of both sexes (males, p = 0.017; females, p < 0.001. Working students showed short sleep duration in the analysis adjusted for socioeconomic status, but short sleep was more frequent in older adolescents (p = 0.004 and in lower (p = 0.001 and middle (p = 0.011 socioeconomic classes. Although more working students were in night school, in the model adjusted for gender and socioeconomic status, working students in afternoon courses showed higher prevalence of short sleep duration (PR = 2.53; 95%CI: 1.68-4.12.

  10. O ESTRESSE NO MMA: AS ESTRATÉGIAS DE ENFRENTAMENTO PODEM MELHORAR O DESEMPENHO DOS LUTADORES?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Isabella Belem

    Full Text Available RESUMO Introdução: Um dos maiores fenômenos esportivos na atualidade, o Ultimate Fighting Championship (UFC, realizado no Brasil em 2013, movimentou entre R$ 15 e R$ 50 milhões, destacando-se na mídia internacional. Apesar dessa superprodução dos eventos, os estudos com atletas de MMA (Mixed Martial Arts ainda são escassos, sobretudo no que se refere aos aspectos psicológicos. Objetivo: Analisar estratégias de coping, níveis de estresse e características de treinamento de atletas paranaenses de MMA. Métodos: Foram estudados 50 atletas de MMA do sexo masculino, com idade de 25,0 ± 4,8 anos. Como instrumentos foram utilizados uma ficha de identificação, o Inventário Atlético de Estratégias de Coping e o Questionário de Estresse e Recuperação para Atletas (RESTQ-76 Sport. Na análise dos dados, utilizou-se estatística descritiva, teste de Shapiro-Wilk, teste "U" de Mann-Whitnney; teste de Kruskal-Wallis e coeficiente de correlação de Spearman; a significância adotada foi p < 0,05. Resultados: Os atletas com principal fonte de renda no MMA apresentaram maior "estresse geral" (p = 0,023 e "estresse social" (p = 0,043 . Conclusão: Conclui-se que quando o esporte é a principal fonte de renda dos atletas, o estresse dos lutadores é elevado. Quanto maior o volume de treino, mais o atleta busca estabelecer objetivos e maior é sua a capacidade de confrontar as adversidades. Além disso, a variedade de estratégias de coping utilizadas pelos lutadores melhora seu estado de recuperação (capacidades físicas e psicológicas durante as competições.

  11. Psychosocial stress and minor psychiatric disorders among Agentes Socioeducadores Estrés psicosocial y disturbios psíquicos menores en agentes socio-educadores Estresse psicossocial e distúrbios psíquicos menores em agentes socioeducadores

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patrícia Bitencourt Toscani Greco

    2012-10-01

    necesaria la planificación de acciones de promoción a la salud, a fin de precaver la enfermedad mental de eses trabajadores.OBJETIVO: verificar a associação entre estresse psicossocial e a ocorrência de Distúrbios Psíquicos Menores em agentes socioeducadores. MÉTODO: estudo transversal com 381 agentes socioeducadores dos Centros de Atendimento Socioeducativo do Rio Grande do Sul, em 2011. Utilizaram-se as versões brasileiras da escala de demanda-controle-apoio social no trabalho e do Self-Reporting Questionnaire 20 (SRQ-20. RESULTADOS: a prevalência de distúrbio psíquico menor foi de 50,1%. As chances de ser classificado com tal distúrbio foram maiores no quadrante trabalho em alta exigência (OR=2,05; IC95%=1,03-4,09 e trabalho ativo (OR=1,99; IC95%=1,09-3,63, quando comparados ao de baixa exigência, após ajuste por potenciais fatores de confusão. CONCLUSÃO: há associação positiva entre estresse psicossocial (alta exigência e trabalho ativo e distúrbios psíquicos menores em agentes socioeducadores. Faz-se necessário o planejamento de ações de promoção à saúde, a fim de prevenir o adoecimento mental desses trabalhadores.

  12. Reflexões sobre estresse e Burnout e a relação com a enfermagem Reflexiones sobre estrés y Burnout y su relación con la enfermería Reflections on stress and Burnout and their relationship with nursing

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Neide Tiemi Murofuse

    2005-04-01

    Full Text Available Tendo como objetivos diferenciar Estresse e Burnout e estabelecer a relação desses com o trabalho da enfermagem, realizou-se estudo bibliográfico para subsidiar a compreensão sobre o sofrimento psíquico no trabalho. O estudo foi realizado como base na análise e interpretação de artigos, teses e dissertações produzidas entre 1990 a 2001. Embora haja consenso entre os estudiosos sobre a existência do Estresse e Burnout, diversas controvérsias estão envolvidas. São teorias que nascem no contexto da explosão da produção e consumo no capitalismo. Estresse refere-se a um esgotamento pessoal que interfere na vida do individuo, mas não necessariamente na relação com o trabalho. Burnout é uma síndrome que envolve atitudes e condutas negativas com os usuários, clientes, organização e trabalho. É um processo gradual, de experiência subjetiva, que resulta em problemas práticos e emocionais no trabalhador e na organização. O trabalho da enfermagem propicia tanto uma quanto outra situação e causa sofrimento e adoecimento.Con el objetivo de diferenciar Estrés y "Burnout" y establecer una relación con el trabajo de enfermería, fue realizado un estudio bibliográfico para fundar la comprensión del sufrimiento psíquico en el trabajo. El estudio fue realizado con base en el análisis e interpretación de artículos, tesis y disertaciones producidas entre 1990 y 2001. Aunque exista consenso entre los estudiosos sobre la existencia del Estrés y "Burnout", varias controversias están involucradas. Son teorías que nacen en el contexto de la explosión de la producción y el consumo en el capitalismo. El Estrés se refiere a un agotamiento personal que interfiere en la vida del individuo, pero no necesariamente en su relación con el trabajo. El "Burnout" es un síndrome que involucra actitudes y conductas negativas con los usuarios, clientes, la organización y trabajo. Es un proceso gradual de experiencia subjetiva que resulta

  13. Aplicabilidade da auriculoterapia com agulhas ou sementes para diminuição de estresse em profissionais de enfermagem

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leonice Fumiko Sato Kurebayashi

    2012-02-01

    Full Text Available Este estudo clínico randomizado objetivou avaliar os níveis de estresse na equipe de Enfermagem de um hospital e analisar a efetividade da auriculoterapia com agulhas e sementes. 75 pessoas com escores médio (44/58,7% e alto (31/41,3% de acordo com a Lista de Sintomas de Estresse foram divididas em grupos (controle, agulhas e sementes, que receberam oito sessões nos pontos Shenmen, Rim e Tronco Cerebral e foram avaliados no início, com quatro, oito sessões e follow-up (15 dias. Na análise de variância (ANOVA, constataram-se diferenças entre os grupos, na 3ª avaliação (F=3,963/P=0,023 e follow-up (F=6,136/P=0,003. Tais diferenças foram entre o grupo controle e agulha. Os grupos de intervenção mostraram diferenças (P<0,05 a partir da segunda avaliação, quando comparados dentro do mesmo grupo. Concluiu-se que a auriculoterapia reduziu o estresse em profissionais de enfermagem, com melhores resultados para agulhas do que sementes, em escores altos, com manutenção de efeitos por 15 dias.

  14. O princípio da precaução como nexo comunicacional entre o trabalho com nanotecnologias e o agir precaucional: aportes à construção de uma diretriz fundada na dignidade da pessoa humana do trabalhador

    OpenAIRE

    Machado, Viviane Saraiva

    2012-01-01

    O trabalho aborda a Constitucionalização do Direito do Trabalho como reflexo da Constitucionalização do Direito Privado. O desafio de respeito aos direitos constitucionais à saúde, higiene e segurança do trabalhador surge com a incerteza das nanotecnologias, que aponta para a necessidade de aprofundamento do conhecimento tecnocientífico para obtenção de informações sobre as nanopartículas visando evitar danos ao homem e ao ecossistema. Nessa esteira, revela-se primordial a efetivação do direi...

  15. Triagem de hemoglobinopatias e avaliação da degeneração oxidativa da hemoglobina em trabalhadores portadores do traço falciforme (HbAS, expostos a riscos ocupacionais Screening of abnormal hemoglobin and the evaluation of oxidative degeneration of hemoglobin among workers with the sickle cell trait (HbAS, exposed to occupational hazards

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Isaac L. Silva Filho

    2005-09-01

    Full Text Available Desde os anos 40, quando foram realizados os primeiros trabalhos de triagem para hemoglobinas anormais na população brasileira, tem sido descrita uma elevada prevalência destas em nosso meio, especialmente a hemoglobina S que, a despeito da heterogeneidade de sua distribuição geográfica, quase sempre é a mais freqüente nas diversas regiões estudadas. Aliado a este fato, estudos recentes têm demonstrado uma maior susceptibilidade desta a oxidação, tornando-a mais sensível ao estresse oxidativo que a hemoglobina normal (HbAA, mesmo em se tratando de portadores heterozigotos (HbAS. Tendo em vista que algumas substâncias químicas são comprovadamente meta-hemoglobinizantes, que alguns fatores ambientais podem influenciar na morbidade da anemia falciforme e também o pouco e controverso conhecimento de que se dispõe a respeito de portadores do traço falciforme, este estudo, além da pesquisa de hemo-globinas anormais, avaliou também a degeneração oxidativa da hemoglobina, através da pesquisa de corpos de Heinz e dosagem de meta-hemoglobina em uma população de trabalhadores portadores do traço falciforme, expostos a riscos ocupacionais. Foram triadas 2.190 amostras sangüíneas entre Outubro de 1999 e Dezembro de 2001. A população estudada foi constituída de trabalhadores de ambos os sexos com idades variando entre 18 e 76 anos. Os resultados evidenciaram 4,7% portadores de hemoglobinas anormais na população analisada, sendo que a hemoglobina S foi a mais freqüente - 3,2% (71. Trabalhadores portadores do traço falciforme apresentaram uma chance 14 vezes maior de possuírem valores aumentados de meta-hemoglobina em relação aos trabalhadores com genótipo AA, porém, esta diferença não foi estatisticamente significativa.Hemoglobinopathies are frequent hereditary diseases in Brazilian population and have been a public health problem. This study reports the screening of abnormal hemoglobin among Fiocruz`s employees, as

  16. FADIGA LABORAL EM TRABALHADORES RURAIS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Karla Nayalle de Souza Oliveira

    2013-01-01

    Full Text Available El objetivo fue identificar la existencia de estrés laboral de trabajadores rurales del Bom Jesus-PI, Brasil. Estudio descriptivo exploratorio llevado acabo entre abril y junio de 2011, con 47 trabajadores. Recopilación de datos se realizó por instrumento para evaluación del estrés llamado Cuestionario Bipolar y guión de entrevista semiestructurada con la caracterización del perfil sociodemográfico y de las condiciones de trabajo. Se tabularon los cuestionarios, que se compararon por Chi-Cuadrado con 95% de confiabilidad. Se realizó para diferenciación o clasificación de las respuestas analizadas y observación del comportamiento dentro de grupos el análisis de componentes principales y agrupaciones. El estrés es común en el medio rural, principalmente en forma de estrés intenso, debido a la exposición a condiciones insalubres para el trabajador. Aunque no se identifican, directamente, sus factores desencadenantes, por lo tanto, sus medidas de prevención.

  17. Estilo de vida de trabalhadores e sua relação com indíce econômico e setor produtivo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Graziela Meneghelli Cabrelli Pletsch

    2014-12-01

    Full Text Available As contínuas mudanças no mundo do trabalho e as características regionais do Brasil causam efeitos sobre a saúde do trabalhador. Para se avaliar o estilo de vida dos trabalhadores são utilizados questionários estruturados com indicadores relacionados à saúde. O objetivo deste artigo é descrever alguns indicadores de saúde dos trabalhadores de Santa Cruz do Sul, distribuindo os resultados conforme índices econômicos e setor em que atuam. Trata-se de uma pesquisa transversal, descritiva, exploratória e analítica, com uma amostra de 400 trabalhadores, de ambos os sexos. Com uma idade média de 31,95 anos e 58,8% dos trabalhadores representados por homens, verificou-se diferenças significativas entre o nível econômico com ‘satisfação corporal’ e ‘consumo de bebida alcoólica’. Para as variáveis ‘horário que costuma ir dormir’ e ‘hábito tabágico’ houve diferenças significativas tanto com nível econômico quanto para setor, sendo que também foram identificadas diferenças na distribuição entre estes elementos. Desta forma, evidenciam-se diferenças entre os trabalhadores quanto ao setor produtivo e nível econômico, indicando a necessidade de intervenções direcionadas e específicas, para que as mudanças no estilo de vida sejam efetivas.

  18. O PROFESSOR DAS ESCOLAS DO CAMPO: TRABALHADOR DE MÚLTIPLAS JORNADAS DE TRABALHO

    OpenAIRE

    Odimar J. Peripolli; Alceu Zoia

    2014-01-01

    As crescentes transformações socioeconômicas e o desenvolvimento do modo de produção têm provocado mudanças significativas no mundo do trabalho. As mudanças se fazem sentir também na escola. Neste trabalho nos propomos trazer para a reflexão um pouco da realidade da educação do campo, mais especificamente, as condições de trabalho do professor. Trabalhador dividido entre os muitos afazeres. Na roça: o camponês-professor e, na escola/ sala de aula: o professor-camponês. Em ambas as atividades,...

  19. Análise de Cenários Envolvendo Satisfação no Trabalho e Estresse Ocupacional Através da Dinâmica de Sistemas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Damiana Machado de Almeida

    2017-04-01

    Full Text Available Este artigo tem por objetivo apresentar o desenvolvimento e validação de um modelo de simulação computacional que permita aos gestores da área de gestão de pessoas avaliarem e analisarem cenários acerca da satisfação no trabalho e do estresse ocupacional. A partir das relações inversamente proporcionais entre estresse e satisfação, estabeleceu-se uma associação entre as duas variáveis, considerando um impacto positivo da satisfação para a redução dos níveis de estresse. Diante da análise destas relações, percebeu-se que o aumento da satisfação em 14,8% ao longo dos 10 períodos simulados gerou uma redução nos níveis de estresse ocupacional. Assim, o estresse foi reduzido de uma média de 2,16 a um nível de 2,05. Os resultados desta pesquisa fornecem uma importante compreensão acerca das relações da satisfação no trabalho com estresse ocupacional, fornecendo um modelo de simulação que testa os impactos das ações desenvolvidas pela área de gestão de pessoas para elevar os níveis de satisfação sobre os níveis de estresse ocupacional de seus colaboradores.

  20. A divisão do trabalho no setor de saúde e a relação social de tensão entre trabalhadores e gestores Work division in the health sector and the social relationship of tension between workers and managers

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Arlene Laurenti Monterrosa Ayala

    2007-07-01

    Full Text Available Este estudo estrutura-se partir da análise crítica da gestão do trabalho no setor público de saúde no município de Joinville (SC, em relação à situação do trabalho no cotidiano dos trabalhadores de saúde nas unidades básicas do Sistema Único de Saúde (SUS. Nele são identificados alguns princípios de funcionamento dos serviços de saúde empreendidos pela gestão como mecanismos de dominação no trabalho, e que decorrem de sua divisão, a saber: o caráter fragmentar da organização do trabalho no setor de saúde, o domínio do conflito pela gestão, o controle dos trabalhadores pelas metas de produção e a resistência dos trabalhadores de saúde ao trabalho imposto. O estudo utiliza, como forma de evidenciar a existência da divisão do trabalho, as técnicas de pesquisa: entrevista e observação direta do trabalho.This study is based on a critical analysis of work management in the public health sector in Joinville (State of Santa Catarina, with regards to the daily work situation of health care workers in the basic Unified National Health System (SUS units. It identifies a few of the health service's operating principles, as set forth by the management such as work domination mechanisms, and which result from its division, as follows: the fragmentary nature of work organization in the health sector, management's conflict domination, worker control by production goals, and health care worker resistance to imposed workloads. The study uses the following research techniques to show the work division: interviews and direct observation of the work.

  1. Estresse em cuidadores de crianças com transtorno do déficit de atenção e hiperatividade = Stress in caregivers of children with attention-deficit hyperactivity disorder = Estrés en cuidadores de niños con trastorno del déficit de atención e hiperactividad

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Faria, Ana Maria Del Bianco

    2016-01-01

    Full Text Available Objetivou-se avaliar o estresse, auto-percepção de estresse e de fatores estressantes em cuidadores de crianças com Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH. Participaram 40 cuidadores, divididos em: Grupo clínico (G1 – 20 cuidadores de crianças diagnosticadas com TDAH; Grupo de comparação (G2 – 20 cuidadores de crianças sem TDAH. Utilizaram-se os instrumentos: Questionário de Capacidades e Dificuldades, Inventário de Sintomas de Stress para Adultos de Lipp, Questionário de Auto-Percepção de estresse. Os resultados apontaram percentual de cuidadores com indicadores de estresse significativamente maior no G1 do que encontrado no G2 (p=0,001. No G1 houve maior percepção de estresse no convívio com a criança (p<0,001, no cuidado com a criança (p<0,001 e maior percepção de estresse (p=0,003 quando comparados ao G2. Destaca-se a necessidade de cuidado ao cuidador, pois a vivência de estresse afeta a qualidade de vida, bem como a relação e o vínculo entre este e a criança

  2. El consumo de alcohol y el estrés entre estudiantes del segundo año de enfermería Consumo de álcool e estresse em estudantes do segundo ano de enfermagem Alcohol consumption and stress in second year nursing students

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elena Tam Phun

    2010-06-01

    Full Text Available El objetivo de este estudio fue identificar el consumo de alcohol y el estrés académico en estudiantes de enfermería. Se trata de una investigación descriptiva, transversal, que se realizó en el año de 2005. En este estudio los cuestionarios Inventario de Estrés Académico y el AUDIT fueron aplicados en 82 estudiantes de una Universidad privada en Lima, Perú. Los resultados mostraron que los estudiantes tenían edad promedio 20,4 años, siendo 92.7% solteras, 69.5% no trabajan, 91.5% no tenían hijos y 86.6% vivían con sus padres. La sobrecarga académica representó el estresor de mayor prevalencia, y en relación al consumo de alcohol, 48% consumieron 1-2 vasos en un día; 56.1% una vez al mes y 51.2% más de tres vasos en un día cualquiera; 11.0% dejaron de cumplir con sus obligaciones. Un tercio relató fumar, beber o comer demasiado. Se concluyó que todas las situaciones generan diversos niveles de estrés, relacionados al factor actividad/tiempo; siendo la preocupación, la mayor respuesta frente al estrés.O objetivo deste estudo foi identificar o consumo de álcool e o estresse acadêmico em estudantes de Enfermagem. Como método, usou-se a investigação descritiva, transversal, realizada no ano 2005. Neste estudo, os questionários Inventário de Estresse Acadêmico e AUDIT foram aplicados em 82 estudantes de uma universidade privada em Lima, Peru. Os resultados mostram que os estudantes apresentaram idade média de 20,4 anos, sendo que 92,7% eram solteiros, 69,5% não trabalhavam, 91,5% não tinham filhos e 86,6% viviam com seus pais. A sobrecarga acadêmica representou o estressor de maior prevalência e, em relação ao consumo de álcool, 48% consumiam 1-2 copos por dia, 56,1% uma vez ao mês e 51,2% mais de três copos em um dia qualquer, e 11% deixaram de cumprir com suas obrigações. Um terço relatou fumar, beber ou comer demasiadamente. Conclui-se que todas as situações geraram diversos níveis de estresse

  3. Alteração no comportamento alimentar de trabalhadores de turnos de um frigorífico do sul do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elisângela da Silva de Freitas

    2015-08-01

    Full Text Available ResumoInvestigou-se a relação entre trabalho em turnos e o comportamento alimentar dos trabalhadores de um frigorífico do sul do Brasil. Estudo transversal com 1.206 trabalhadores, entre 18 e 50 anos, de ambos os sexos. Um questionário padronizado foi utilizado para as informações demográficas, socioeconômicas, turno de trabalho e hábitos alimentares. O turno de trabalho foi categorizado em diurno e noturno, com base nos horários de início e fim do turno. O comportamento alimentar dos trabalhadores foi avaliado da seguinte forma: número e tipo de refeições realizadas nas 24 horas de um dia habitual, inadequação dos horários dessas refeições e escore alimentar de risco. Este foi construído com base na classificação de risco do consumo semanal de 13 itens alimentares. Após o ajuste para possíveis fatores de confusão, os trabalhadores do sexo masculino, de cor de pele não branca e mais jovens tiveram maior probabilidade de apresentar comportamento alimentar de risco. Trabalhadores noturnos realizavam maior número de refeições/dia e apresentaram maior inadequação nos horários das refeições do que os diurnos. O turno de trabalho noturno pode influenciar negativamente no comportamento alimentar de trabalhadores desse período.

  4. Validação da escala de estresse no trabalho Validation of the work stress scale

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tatiane Paschoal

    2004-04-01

    Full Text Available Este trabalho teve como objetivo construir e validar um instrumento de estresse ocupacional geral, de fácil aplicação e que pudesse ser utilizado em diversos ambientes de trabalho e para ocupações variadas. A Escala de Estresse no Trabalho (EET, inicialmente composta por 31 itens, foi aplicada a 437 trabalhadores de diferentes organizações, públicas e privadas, sendo 249 homens e 188 mulheres. A análise fatorial revelou a existência de um único fator que, após eliminação de itens com carga fatorial abaixo de 0,45, ficou composto por 23 itens e obteve um coeficiente alfa de Cronbach equivalente a 0,91. Uma versão reduzida da escala, com 13 itens e alfa de 0,85 foi proposta. Com base nos parâmetros psicométricos satisfatórios da EET, conclui-se que esta é uma alternativa para investigações empíricas e trabalhos aplicados em organizações, podendo orientar medidas que visem à qualidade de vida dos trabalhadores.The objective of this study was to develop and to validate a general instrument to evaluate occupational stress, easily administered, used in different work environments and for a variety of occupations. The Work Stress Scale (WSS initially composed of 31 items was applied to 437 workers, 249 men and 188 women, of public and private organizations. The factor analysis detected only one factor. After the elimination of the items with a factor loading below .45, the final version of the scale was composed of 23 items and had a Cronbach's coefficient of .91. A reduced version of the scale with 13 items and a Cronbach's coefficient of .85 has been proposed. Based on the satisfactory psychometric parameters of the scale, it is concluded that the WSS is useful as an alternative in empirical investigations and organizational diagnostics. The results obtained can be useful indicators for organizational decisions in relation to the life quality of the workers.

  5. OcupaÃÃo e fatores de risco para diabetes millitus tipo 2: contribuiÃÃo ao estudo do processo saÃde-doenÃa de trabalhadores de saÃde

    OpenAIRE

    VitÃria de CÃssia FÃlix de Almeida

    2007-01-01

    Objetivou-se analisar as inter-relaÃÃes entre ocupaÃÃo e prevalÃncia de fatores de risco para Diabetes Mellitus tipo 2 existentes entre trabalhadores da equipe de enfermagem e demais profissionais e ocupacionais de saÃde, tendo partido da hipÃtese de que, os trabalhadores da equipe de enfermagem, quando comparados a outros que desenvolvem atividades em hospitais, mas no desempenho de outras ocupaÃÃes, apresentariam uma maior prevalÃncia de fatores de risco para o desenvolvimento do diabetes m...

  6. Estresse no trabalho em agentes dos centros de atendimento socioeducativo do Rio Grande do Sul Estrés en el trabajo en agentes en los centros de atención socioeducativa de Rio Grande do Sul Job stress in agents at the socio-educational service centers in the state of Rio Grande do Sul

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patrícia Bitencourt Toscani Greco

    2013-03-01

    Full Text Available Estudo que teve por objetivo verificar a associação entre estresse no trabalho, características sociodemográficas, laborais, hábitos e condições de saúde dos agentes socioeducadores do Rio Grande do Sul, Brasil. Trata-se de um estudo transversal com 381 agentes dos Centros de Atendimento Socioeducativo do Rio Grande do Sul. Utilizou-se a versão brasileira da Job Stress Scale, para avaliação do estresse no trabalho. Foram classificados, em situação de alta exigência no trabalho, 19,2% dos agentes. Mostraram-se associados ao estresse no trabalho: necessidade de acompanhamento psicológico, falta de tempo para lazer, turno diurno de trabalho, insatisfação com o local de trabalho, necessidade de afastamento do trabalho, por problemas de saúde, e escala de trabalho insuficiente. Há necessidade de buscar melhores condições de trabalho e a efetivação de um Serviço de Saúde do Trabalhador atuante, no sentido de minimizar os efeitos das demandas psicológicas no trabalho do agente socioeducador.El estudo tenía el objetivo de verificar la asociación entre estrés en el trabajo, rasgos sociodemográficos, laborales, hábitos y condiciones de salud de los agentes socioeducadores de Rio Grande do Sul, Brasil. Es un estudio transversal con 381 agentes de Centros de Atención Socioeducativa de Rio Grande do Sul. Se utilizó la versión brasileña de Job Stress Scale para evaluación de estrés en el trabajo. El 19, 2% de los agentes se clasificó en situación de alta exigencia laboral. Se mostraron asociadas al estrés en el trabajo: necesidad de acompañamiento psicológico, falta de tiempo para el ocio, tiempo diurno de trabajo, insatisfacción con el lugar de trabajo, necesidad de alejamiento del trabajo por problemas de salud y escala de trabajo insuficiente. Existe la necesidad de buscar mejores condiciones de trabajo y la efectuación de un Servicio de Salud del Trabajador actuante, para minimizar los efectos de las demandas

  7. Alterações cognitivas em trabalhadores de uma empresa de processamento de dados

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria da Graça Hoefel

    1992-02-01

    Full Text Available Realizou-se estudo de 191 trabalhadores de uma empresa federal de processamento de dados em Porto Alegre, RS, Brasil, em 1989, objetivando estudar déficits cognitivos. São analisadas as relações entre queixas de alteração de memória e os respectivos desempenhos em testes de avaliação cognitiva segundo três grupos de trabalhadores, o primeiro com atividades automatizadas e repetitivas (digitadores e dois outros com funções diversificadas. Utilizou-se um teste de rastreamento psiquiátrico para controlar esta possível variável de confusão. Existe uma alta prevalência de queixas de perda de memória (65,4%, apesar de não haver evidências significativas de problemas cognitivos. Observou-se uma associação estatisticamente significativa entre a presença ou não de queixas de memória e o desempenho no teste psiquiátrico. Sugere-se que futuros estudos enfatizem o aspecto de saúde mental e sofrimento psíquico para compreensão destas queixas, tendo em vista as características do processo de trabalho na informática.

  8. Alterações cognitivas em trabalhadores de uma empresa de processamento de dados

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hoefel Maria da Graça

    1992-01-01

    Full Text Available Realizou-se estudo de 191 trabalhadores de uma empresa federal de processamento de dados em Porto Alegre, RS, Brasil, em 1989, objetivando estudar déficits cognitivos. São analisadas as relações entre queixas de alteração de memória e os respectivos desempenhos em testes de avaliação cognitiva segundo três grupos de trabalhadores, o primeiro com atividades automatizadas e repetitivas (digitadores e dois outros com funções diversificadas. Utilizou-se um teste de rastreamento psiquiátrico para controlar esta possível variável de confusão. Existe uma alta prevalência de queixas de perda de memória (65,4%, apesar de não haver evidências significativas de problemas cognitivos. Observou-se uma associação estatisticamente significativa entre a presença ou não de queixas de memória e o desempenho no teste psiquiátrico. Sugere-se que futuros estudos enfatizem o aspecto de saúde mental e sofrimento psíquico para compreensão destas queixas, tendo em vista as características do processo de trabalho na informática.

  9. Análise isocinética e cinética de corredores e triatletas com e sem histórico de fratura por estresse

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Natália Mariana Silva Luna

    2015-08-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: A associação da fadiga muscular com o aumento da força vertical de reação do solo representa risco de fratura por estresse de tíbia em esportes como a corrida de longa distância e o triatlo. Objetivo: Analisar e comparar parâmetros do componente vertical das forças de reação do solo e parâmetros musculares isocinéticos da flexão plantar (FP e dorsiflexão (DF do tornozelo entre grupos de corredores de longa distância e triatletas com e sem histórico de fratura por estresse de tíbia.MÉTODOS: Setenta e cinco atletas de corrida de longa distância e triatletas do sexo masculino, com média de idade de 30,26 ± 6,51 anos foram divididos de acordo com a história pregressa de fratura por estresse de tíbia em: grupo fratura (GF, composto por 12 indivíduos com história de fratura por estresse da tíbia, e grupo não-fratura (GNF, composto por 37 indivíduos sem história de fratura por estresse de tíbia. Os parâmetros cinéticos foram medidos durante a corrida por meio de uma plataforma de força AMTI, e os parâmetros isocinéticos por meio de dinamômetro isocinético Biodex (System 3.RESULTADOS: Para todas as variáveis isocinéticas e cinéticas, não houve diferenças entre GF e GNF.CONCLUSÃO: Ainda que não se tenha identificado uma diferença de desempenho entre os grupos estudados, o perfil cinético (impacto e isocinético (atividade muscular mostra que o treinamento da corrida com déficits em cuidados com a condição muscular e o controle de fatores extrínsecos pode criar uma situação de risco de ocorrência de fraturas por estresse.

  10. A influência do trabalho no nível de estresse em estudantes de psicologia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Byanca Eugênia Duarte Silva

    2016-10-01

    Full Text Available O estresse é inevitável diante das constantes adaptações que se faz necessárias às pessoas, há varias situações que exigem capacidade de adaptação psíquica e física. O período acadêmico não consiste uma exceção, nesse período é exigido do graduando que vivencie inúmeras mudanças, podendo assim eclodir situações estressoras. O presente trabalho objetivou investigar o estresse no âmbito acadêmico bipartindo em dois seguimentos, o primeiro, conhecer o nível de estresse em graduando que apenas estudam e segundo, conhecer o nível de estresse em graduando, conhecendo assim seus efeitos sobre os acadêmicos. A população da pesquisa conteve 47 graduandos de Psicologia da Faculdade Santa Maria, que cursa nos turnos diurno e noturno, sendo que 22 são apenas graduandos que estudam (G1 e 25 graduandos que estudam e trabalham (G2. O Inventário de Sintomas de Estresse para Adultos - ISSL (LIPP, 2001, foi utilizado para verificar a presença de estresse nos graduandos. Os dados colhidos descreveram o nível de estresse nos graduandos e seus efeitos sobre eles. O teste não paramétrico Qui-quadrado revelou diferenças significantes (X² = 10,607149; DF=1; p < 0,05 entre a presença de estresse de estudantes que trabalham e não trabalham, com prevalência de 90,9% de estresse em estudantes que trabalham. A presença de estresse foi considerável no G2, ou seja, o grupo de graduandos que trabalham apresentou um índice de estresse mais elevado em relação aos graduandos que apenas estudam (G1. Apenas 9,1% do G2 não manifestou sintomas estressores. Por outro lado, o G1 apresentou apenas 50% de sintomas de estresse. O resultado confirmou que os estudantes que estudam e trabalham têm um nível maior de estresse em relação aos estudantes que apenas estudam.The Influence Of Work On The Level Of Stress In Psychology StudentsAbstract: Stress is inevitable in the face of constant adaptation that is necessary for people, there are

  11. Tearful relations: oxidative stress, inflammation and eye diseases Relações lacrimejantes: estresse oxidativo, inflamação e doenças oculares

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tais Hitomi Wakamatsu

    2008-12-01

    Full Text Available Oxidative stress is caused by an imbalance between the production of reactive oxygen species and ability the biological systems' defense mechanisms necessary to eliminate the stress. It has been accepted that oxidative stress is involved in many acute and chronic diseases and even in normal aging. Recently, increased awareness of oxidative stress damage and its relation with ocular surface diseases incite researchers to discover possible mechanisms in the development of dry eye disease. This review focuses on the evaluation of the influence of oxidative stress on eye diseases emphasizing its relation with the pathogenesis of dry eye disease.Estresse oxidativo é causado por um desequilíbrio entre a produção de espécies reativas do oxigênio e a habilidade dos mecanismos de defesa do sistema biológico necessários para eliminar este estresse. O estresse oxidativo tem sido aceito como um fator envolvido em várias doenças agudas, crônicas e até mesmo no envelhecimento fisiológico. Recentemente, o crescente conhecimento dos danos causados pelo estresse oxidativo e a sua relação com doenças da superfície ocular estimulou pesquisadores a descobrir possíveis mecanismos no desenvolvimento da doença do olho seco. Esta revisão tem como foco a avaliação da influência do estresse oxidativo nas doenças do olho e enfatiza a sua relação com a patogênese da doença do olho seco.

  12. A visao dos trabalhadores da Atencao Basica acerca da presenca de estudantes de enfermagem

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Priscila Norie de Araujo

    2013-06-01

    Full Text Available Essa investigação qualitativa objetivou analisar a visão dos trabalhadores de uma Unidade Básica de Saúde quanto à presença no serviço de estudantes de graduação em enfermagem. Dezoito trabalhadores foram sujeitos de entrevistas semi-estruturadas, analisadas após transcrição. Na análise de conteúdo identificamos dois temas: A lentificação e a vivificação do serviço e O (despreparo para aprender e ensinar. Os resultados apontam para um processo de parceria ensino-serviço ainda em construção, em que os trabalhadores sentem-se aprendendo, mas também desvalorizados. Com a presença dos estudantes, a dinâmica do trabalho é modificada, tornando-se mais lenta. Ao mesmo tempo, a presença estudantil interroga as formas hegemônicas de atender rapidamente. Evidencia-se expectativa de colaboração nas ações, havendo preferência pelos estudantes dos últimos anos que executam procedimentos e não requerem acompanhamento constante. Concluimos que a aproximação entre universidade e serviços da Atenção Básica expõe tensões que, se analisadas coletivamente, podem engendrar novas formas de cuidar, ensinar e aprender.

  13. Reflexões sobre estresse e Burnout e a relação com a enfermagem Reflexiones sobre estrés y Burnout y su relación con la enfermería Reflections on stress and Burnout and their relationship with nursing

    OpenAIRE

    Neide Tiemi Murofuse; Sueli Soldati Abranches; Anamaria Alves Napoleão

    2005-01-01

    Tendo como objetivos diferenciar Estresse e Burnout e estabelecer a relação desses com o trabalho da enfermagem, realizou-se estudo bibliográfico para subsidiar a compreensão sobre o sofrimento psíquico no trabalho. O estudo foi realizado como base na análise e interpretação de artigos, teses e dissertações produzidas entre 1990 a 2001. Embora haja consenso entre os estudiosos sobre a existência do Estresse e Burnout, diversas controvérsias estão envolvidas. São teorias que nascem no contexto...

  14. Estresse e ansiedade em mulheres inférteis Stress and anxiety in infertile women

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Simone da Nóbrega Tomaz Moreira

    2006-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: avaliar a freqüência de estresse e níveis de ansiedade em mulheres inférteis, de forma a obter subsídios para uma orientação psicológica específica. MÉTODOS: estudo transversal envolvendo 152 mulheres inférteis (média de idade 30,3±5,4anos, e 150 controles saudáveis (25,7±7,9 anos. Todas as voluntárias foram avaliadas com a aplicação do Inventário de Sintomas de Estresse de Lipp e Inventário de Ansiedade Traço-Estado. As variáveis dependentes foram: freqüência de estresse e escores de ansiedade (estado e traço. A análise estatística compreendeu a utilização dos testes chi2 e Mann-Whitney, além de regressão logística para testar associações entre as variáveis dependentes e fatores de risco considerados. O nível de significância adotado foi de 5%. RESULTADOS: a freqüência de estresse foi maior no grupo infertilidade em relação ao grupo controle (61,8 e 36,0%, respectivamente, no entanto, não foram observadas diferenças significativas entre os grupos com relação às fases do estresse e tipo de sintomatologia predominante. Em relação à ansiedade, não houve diferenças significativas entre os grupos infertilidade e controle quanto às medianas dos escores de estado (39,5 e 41,0, respectivamente e traço (44,0 e 42,0, respectivamente de ansiedade. No grupo infertilidade, os fatores de risco associados significativamente com estresse ou ansiedade foram: desconhecimento do fator causal, fase de investigação diagnóstica e ausência de filhos advindos de outros casamentos. CONCLUSÕES: as mulheres inférteis estão mais vulneráveis ao estresse, no entanto, são capazes de responder aos eventos estressores de forma adaptativa, sem comprometimentos mais sérios nas áreas física e psicológica.PURPOSE: to assess the frequency of stress and anxiety levels in infertile women, in order to obtain data for specific psychological intervention. METHODS: a cross-sectional study involving 152 infertile

  15. Alterações metabólicas e inflamatórias em condições de estresse oxidativo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Carlos Rebuglio Vellosa

    2013-08-01

    Full Text Available O estresse oxidativo pode ser definido com o desequilíbrio entre os níveis de compostos pró-oxidantes e antioxidantes, com predomínio dos primeiros. O estado pró-oxidante vem sendo relacionado a várias patologias, como doença cardiovascular, doenças neurodegenerativas, doenças auto-imunes e cânceres, ora como sua causa, em alguns casos como consequência. Assim, torna-se importante determinar quais alterações metabólicas e inflamatórias estão relacionadas com o estresse oxidativo, para auxiliar no diagnóstico e prognóstico dessas doenças. Além dos fatores de risco clássicos, esta revisão chama a atenção para possíveis novos biomarcadores relacionados ao estresse oxidativo, entre estes estão a mieloperoxidase, paraoxonase, homocisteína e determinação do estado antioxidante.

  16. Risco, trabalho e masculinidade. Um estudo sobre os trabalhadores do setor elétrico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Julice Salvagni

    2013-12-01

    Full Text Available Este estudo é parte de uma dissertação de mestrado (2011 que abordou aspectos referentes ao risco de trabalho no setor elétrico. Neste artigo, dá-se ênfase a uma análise sobre as noções de subjetivação da masculinidade que perpassam a realidade de trabalho dos eletricitários e que estão diretamente relacionadas ao entendimento de risco de acidentes. Para além do risco de acidentes físicos, compreende-se que os riscos se constituem na esfera do invisível (fatores sócio-psicológicos. Destacam-se elementos de ordem subjetiva que constituem a relação dos trabalhadores com as noções de tempo, para ser possível abordar a concepção do risco. As falas dos trabalhadores são postas em diálogo com autores como Dejours, Giddens e Bourdieu. O texto traz elementos descritivos que possibilitam elucidar as relações entre trabalho e masculinidade no setor elétrico a ser um inimigo indissociável do risco.

  17. A segunda alma do partido dos trabalhadores

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    André Singer

    2010-12-01

    Full Text Available Os dois mandatos de Lula formaram a síntese contraditória das "duas almas" que hoje habitam o PT. Foi o fato de ter implementado, simultaneamente, políticas que beneficiam o capital e promovem a inclusão dos mais pobres, com uma melhora relativa na situação dos trabalhadores, que permitiu a convivência dos princípios estabelecidos em sua fundação, no colégio Sion em 1980, e as diretrizes do programa de governo apresentadas em 2002 na convenção do Anhembi, em São Paulo.Lula's presidency seem to have blended PT's two apparently contradictory "souls". By implementing policies that favor capital while at the same time foster the social inclusion of the poor, and that have also improved working class citizens' life standards, Lula has been able, as a president, to preserve the ideals that animated the party's foundation and the more pragmatic programme for government set out in 2002.

  18. Trabalhador contemporâneo e patologias por hipersolicitação Contemporary worker and work-related musculoeskeletal diseases

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Angela Peña Ghisleni

    2005-08-01

    Full Text Available As Lesões por Esforços Repetitivos (LER- também conhecidas como Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho (DORT e que se tornaram visíveis a partir da entrada da reestruturação produtiva- são vivenciadas por trabalhadores e expressam um dos sofrimentos advindos da relação do trabalhador com o trabalho. Buscamos neste artigo a compreensão de como as LER/DORT podem desenvolver-se no corpo do trabalhador contemporâneo com base em sua história de trabalho, pensando esta síndrome como uma subjetivação da relação entre o trabalhador e o trabalho. Esta pesquisa apresenta como proposta associar conhecimentos da área biomédica com conhecimentos da psicologia social, configurando uma abordagem interdisciplinar na busca de uma linguagem de interface entre profissões que possuem o mesmo enfoque - o trabalhador.Cumulative Trauma Disorders (CTD- which are also known as Work-Related Musculoeskeletal Disorders (WRMD and have stood out since an economic system rose based on production restructuring- are faced by workers and express suffering stemming from the relations between workers and work. We look into how CTD/WRMD develop in contemporary workers´ body, taking account of their work history and viewing such syndromes as the subjectivation of the relation between workers and work. We favor an interdisciplinary approach based on both the biomedical knowledge and the social psychology, in search for an interface language among the professions that have the same focus- the worker.

  19. Work ability and stress in a bus transportation company in Belo Horizonte, Brazil Avaliação da capacidade para o trabalho e estresse em uma empresa de transporte coletivo de Belo Horizonte, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosana Ferreira Sampaio

    2009-02-01

    Full Text Available Demographic, occupational and psychosocial characteristics affect the health and occupational performance of workers. The objective of the present study was to elaborate a profile of the work ability and factors that affect it in a bus transportation company in Belo Horizonte, Brazil. The instruments used included a socio-demographic and occupational questionnaire, the Work Ability Index and the Job Stress Scale. Demographic information revealed that 85.7% of the 126 employees of the company were active workers, 98% were males, with an average of 39 years of age (SD= 10 and 79 months working in the company (SD= 68; more than half reported having a low schooling level. In terms of personal habits, 88% were exposed to one or more risk factors, especially a sedentary lifestyle. The average strain value (as a consequence of stress was 0.78 (SD= 0.2 and 75.3% reported episodes of violence at the workplace. The work ability was good to excellent among 89% of the workers. Results from the logistic regression analysis showed that strain was the only significant variable in relation to the Work Ability Index, (estimated odds ratio of 0.02. The results suggest that psychosocial factors presented the greatest association with work ability, and preventive and/or corrective measures should be implemented.Características demográficas, ocupacionais e psicossociais afetam a saúde e o desempenho dos trabalhadores. O objetivo deste estudo foi elaborar um perfil da capacidade para o trabalho e fatores que a afetam em uma empresa de transporte coletivo de Belo Horizonte, Brasil. Os instrumentos utilizados foram o Índice de Capacidade para o Trabalho, a Job Stress Scale e um questionário sociodemográfico e ocupacional. Dos 126 trabalhadores, 14,3% estavam aposentados ou afastados, todos por doença. Entre os ativos, a maioria era do sexo masculino (98%, com idade média de 39 anos (DP=10, baixa escolaridade (acima de 50% e tempo médio na empresa de 79 meses

  20. Queixa subjetiva de comprometimento da memória em idosos saudáveis: influência de sintomas depressivos, percepção de estresse e autoestima

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aline Talita dos Santos

    2012-10-01

    Full Text Available O presente estudo analisou a relação entre percepção de estresse, sintomas depressivos e autoestima em idosos com e sem queixa subjetiva de comprometimento de memória. Foram incluídos 204 idosos (104 sem e 100 com queixa de memória avaliados a partir do instrumento Memory Assessment Complain Questionnaire (MAC-Q. O protocolo de estudo incluiu a Escala de Estresse Percebido (EEP, a Escala de Depressão Geriátrica (GDS e a Escala de Autoestima de Rosenberg (EAE. Os idosos com queixa de comprometimento apresentaram escores significativamente maiores na EEP e GDS e menores na EAE (p < 0.001. Foi observada correlação negativa entre o escore do MAC-Q e EPP (p < 0.001 e EAE (p = 0.01. A análise de regressão multivariada identificou somente o estresse como fator preditor da queixa subjetiva de memória. Esses dados sugerem que a percepção de estresse e os sintomas depressivos estão associados com a queixa de memória em idosos.

  1. Estudo da ototoxicidade em trabalhadores expostos a organofosforados Ototoxicity study in workers exposed to organophosphate

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Cristina Hiromi Hoshino

    2008-12-01

    Full Text Available A exposição ocupacional e ambiental aos agrotóxicos evidencia-se como um grave problema de Saúde Pública em nosso país. Entre os sintomas apresentados, a tonteira se destaca, em decorrência de uma provável ação tóxica. OBJETIVO: O objetivo do estudo é caracterizar os resultados do exame vestibular de trabalhadores rurais expostos ocupacionalmente e ambientalmente aos agrotóxicos organofosforados. MATERIAL E MÉTODO: Foi realizado um estudo de coorte com corte transversal em 18 trabalhadores rurais de Teresópolis, RJ. A faixa etária variou de 16 a 59 anos com uma média de 39,6 anos, sendo 5 trabalhadores do sexo masculino e 13 do sexo feminino. Foram utilizados três questionários com perguntas relacionadas à saúde geral e auditiva e perguntas específicas à tonteira e suas relações com o trabalho. Todos os trabalhadores passaram por uma avaliação clínica e realizaram os exames vectoeletronistagmografia e audiometria. RESULTADOS: Os resultados mostraram que 16 trabalhadores apresentaram alterações do equilíbrio corporal de tipo periférico irritativo e 7 trabalhadores apresentaram perdas auditivas do tipo neurossensorial, sugerindo que os agrotóxicos induzem alterações do sistema vestibular através de uma intoxicação lenta e silenciosa. CONCLUSÕES: O olhar clínico sobre esta população exposta a substâncias neuro-ototóxicas requer uma abordagem interdisciplinar, assegurando uma intervenção terapêutica e preventiva eficaz.Occupational and environmental exposure to agricultural pesticides represent an important health care problem in our country. Among the symptoms presented, dizziness stands out, because of a probable toxic action. AIM: The goal of our study was to characterize vestibular test results from rural workers occupationally and environmentally exposed to organophosphates used in agricultural pesticides. MATERIALS AND METHODS: We carried out a cohort cross-sectional study with 18 rural workers

  2. Comportamento estomático e potencial da água da folha em três espécies lenhosas cultivadas sob estresse hídrico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Silva Elizamar Ciríaco da

    2003-01-01

    Full Text Available Com o objetivo de avaliar o comportamento estomático e o potencial da água da folha em plantas jovens de Mimosa caesalpiniifolia, Enterolobium contortisiliquum e Tabebuia aurea submetidas a estresse hídrico, desenvolveu-se um experimento em casa de vegetação no Laboratório de Fisiologia Vegetal da UFRPE. As plântulas foram submetidas a dois tratamentos hídricos (100% da CP e 50% da CP e aos 5¹, 7, 13 e 22 dias de estresse hídrico, foram avaliadas a transpiração (E, a resistência difusiva (Rs, a temperatura da folha (Tfol, a temperatura do ar (Tar, umidade relativa do ar (UR, a radiação fotossinteticamente ativa (PAR e o déficit de pressão de vapor (DPV às 7h, 9h, 12h e 15h. Após 30 dias de estresse, foi medido o potencial da água da folha (Yw entre 9-10 horas. Os maiores valores de E foram registrados entre 9-12h para todas as espécies, sendo mais baixos nas plantas estressadas. O oposto foi verificado para Rs, com diferenças na magnitude dos valores entre espécies e horários de avaliação. A Rs das plantas estressadas de E. contortisiliquum foi influenciada pela Tar e de M. caesalpiniifolia pela UR e PAR. O Yw decresceu com o estresse, com reduções de até 155%. A Tfol não se mostrou bom indicador dos efeitos do estresse hídrico sobre as espécies.

  3. Saúde do trabalhador no Brasil: pesquisa na pós-graduação

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Santana Vilma Sousa

    2006-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Estudar as tendências da produção de teses e dissertações em saúde do trabalhador no País. MÉTODOS: As unidades de estudo foram teses e dissertações elaboradas por pesquisadores brasileiros em cursos de pós-graduação no país ou no exterior. Buscaram-se teses e dissertações em acervos previamente compilados, na base LILACS e no portal Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes, por meio dos termos saúde do trabalhador, ergonomia, higiene ocupacional, toxicologia e saúde ocupacional. RESULTADOS: Foram encontrados 1.025 documentos, sendo sete anteriores a 1970. Entre 1970 e 2004, foram publicados 31 na década de 70, 121 na de 80, 533 na de 90 e 333 entre 2000 e 2004. O crescimento foi geométrico com fator aproximadamente igual a 4 a cada década. A maioria dos estudos trata de questões de grande relevância para a saúde pública no País, como doenças ósteo-musculares, saúde mental e trabalhadores da área de saúde. Chamou a atenção o pequeno número de trabalhos sobre o desemprego, o câncer e suas relações com a ocupação, trabalhadores do setor primário da economia e da construção civil, reconhecidos como os de maior risco para acidentes de trabalho fatais. CONCLUSÕES: O crescimento dos programas de pós-graduação em saúde pública e saúde coletiva no País nos últimos anos foi o fator mais importante para o aumento da produção de estudos na área da saúde do trabalhador. Embora exista um número crescente de estudos acadêmicos, persistem desafios a serem superados no futuro próximo.

  4. Saúde do trabalhador no Brasil: pesquisa na pós-graduação

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vilma Sousa Santana

    2006-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Estudar as tendências da produção de teses e dissertações em saúde do trabalhador no País. MÉTODOS: As unidades de estudo foram teses e dissertações elaboradas por pesquisadores brasileiros em cursos de pós-graduação no país ou no exterior. Buscaram-se teses e dissertações em acervos previamente compilados, na base LILACS e no portal Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes, por meio dos termos saúde do trabalhador, ergonomia, higiene ocupacional, toxicologia e saúde ocupacional. RESULTADOS: Foram encontrados 1.025 documentos, sendo sete anteriores a 1970. Entre 1970 e 2004, foram publicados 31 na década de 70, 121 na de 80, 533 na de 90 e 333 entre 2000 e 2004. O crescimento foi geométrico com fator aproximadamente igual a 4 a cada década. A maioria dos estudos trata de questões de grande relevância para a saúde pública no País, como doenças ósteo-musculares, saúde mental e trabalhadores da área de saúde. Chamou a atenção o pequeno número de trabalhos sobre o desemprego, o câncer e suas relações com a ocupação, trabalhadores do setor primário da economia e da construção civil, reconhecidos como os de maior risco para acidentes de trabalho fatais. CONCLUSÕES: O crescimento dos programas de pós-graduação em saúde pública e saúde coletiva no País nos últimos anos foi o fator mais importante para o aumento da produção de estudos na área da saúde do trabalhador. Embora exista um número crescente de estudos acadêmicos, persistem desafios a serem superados no futuro próximo.

  5. The social clause in the OMC: for a permanent interrelation between OMC and OIT and the respect to the basic rights of the workers A cláusula social na OMC: por uma inter-relação efetiva entre OMC e OIT e o respeito aos direitos fundamentais dos trabalhadores

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria do Socorro Azevedo de Queiroz

    2007-12-01

    Full Text Available The inclusion of social clause in the scope of the OMC, as form to eliminate lower conditions of work in the developing countries, is subject that comes exhaustingly being argued inside of the international relations of the commerce. The developed countries accuse the social developing countries with “dumping” and advocate for restrictions in the international trade to the countries that do not consecrate a minimum standard of requirements for the working class. The developing countries accuse the developed countries of waking use of this speech as form to protect their domestic markets. The arguments of both are reasonable, therefore, it is necessary to find an term intermediate, that interrelates OIT and OMC in the direction of protecting the involved workers in the process of production for the international market, at the same time, that it hinders the developed countries of tanking advantage of the social clause to impose protectionistic barriers, harming the developing countries.A inclusão de cláusula social no âmbito da OMC, como forma de eliminar condições de trabalho degradantes nos países em desenvolvimento, é tema que vem sendo exaustivamente discutido dentro das relações internacionais do comércio. Os países desenvolvidos acusam os países em desenvolvimento de “dumping social” e propugnam por restrições no comércio internacional aos países que não consagram um padrão mínimo de exigências para a classe trabalhadora. Os países em desenvolvimento acusam os países desenvolvidos de se utilizarem desse discurso apenas como forma de proteger seus mercados internos. Os argumentos de ambos são plausíveis, por isso, é necessário encontrar um termo médio, que inter-relacione OIT e OMC no sentido de se proteger os trabalhadores envolvidos no processo de produção para o mercado internacional, ao mesmo tempo, que impeça os países desenvolvidos de se aproveitarem da cláusula social para imporem barreiras

  6. O agronegócio do camarão: processo de trabalho e riscos à saúde dos trabalhadores no município de Aracati/Ceará

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francisca Neuma Almeida Nogueira

    Full Text Available Embora a carcinicultura seja uma atividade considerada positiva, estudos apontam seus impactos negativos referentes ao trabalhador, ao meio ambiente e ao uso descontrolado dos recursos naturais. Este estudo analisou os empreendimentos de carcinicultura do município de Aracati/Ceará, identificou as inter-relações entre os processos produtivos, o ambiente e a saúde dos trabalhadores e analisou suas implicações para o ambiente e a saúde dos trabalhadores. A metodologia seguiu três fases para realização da pesquisa empírica: aproximação com o concreto do trabalho na carcinicultura; estudo dos processos produtivo; e análise discursiva. Os resultados indicam que a indústria de carcinicultura, no município, composta de 16 estabelecimentos, empregou 1.154 trabalhadores, entre 2005 e 2006, cujo perfil evidencia predominância do sexo masculino, na faixa etária de 22 a 30 anos. O processo de trabalho, geralmente, expõe os trabalhadores a longas jornadas, a intenso esforço físico e posturas inadequadas, à radiação infravermelha e ultravioleta, à inalação de metabissulfito de sódio e gases resultantes de sua diluição em água - registrando um caso de morte por edema pulmonar agudo entre os trabalhadores. As alterações ambientais têm levado à redução de espécies nativas do mangue e à salinização das reservas de água do município.

  7. Epigenética, Cuidados Maternais e Vulnerabilidade ao Estresse: Conceitos Básicos e Aplicabilidade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Grazielle Noro

    2015-12-01

    Full Text Available ResumoCuidados maternais são experiências do início da vida que têm sido consistentemente relacionados com alterações na expressão gênica por meio de mecanismos epigenéticos como a metilação do DNA ou a modificação de suas histonas. O objetivo deste trabalho é apresentar uma investigação teórica sobre cuidados maternais enquanto evento ambiental que pode produzir alterações epigenéticas atuantes na composição da vulnerabilidade ao estresse. A investigação teve por base estudos empíricos e de revisão de literatura com animais não humanos sobre Epigenética, estresse e cuidados maternais. Apresenta também alguns estudos com humanos que mostram tais efeitos, destacando-se aqueles que influenciam ou são influenciados pelo comportamento operante. A partir da investigação realizada encontrou-se que cuidados maternais pós-parto são uma condição ambiental que produz efeitos no eixo hipotálamo-pituitária-adrenal (HPA, participando da composição da vulnerabilidade ao estresse. Seus possíveis efeitos fisiológicos no condicionamento operante sinalizam alternativas para intervenções baseadas na plasticidade da formação do epigenoma. Este conhecimento, além de promover a aproximação entre a Epigenética e a Análise do Comportamento em nível básico por meio de estudos com animais não humanos, poderá contribuir em nível aplicado para um melhor entendimento do neurodesenvolvimento infantil e adequado planejamento de intervenções efetivas com mães e filhos.

  8. Os sentimentos vivenciados após exposição ocupacional entre trabalhadores de saúde: fulcro para repensar o trabalho em instituições de saúde Los sentimientos experimentados después de la exposición ocupacional de los trabajadores de salud: enfoque para trabajar en instituciones de salud The feelings experienced after occupational exposure among health care workers: fulcrum approach to work in health institutions

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leila Maria Mansano Sarquis

    2009-10-01

    Full Text Available Este estudo objetivou captar os sentimentos psicossociais e percepções dos trabalhadores após acidente com fluido biológico identificando as dificuldades para realizar o acompanhamento. Pesquisa de abordagem qualitativa cuja amostra foi intencional, compreendeu 15 trabalhadores de saúde. O medo foi o primeiro sentimento expresso. O medo que o trabalhador sofre no desempenho de suas atribuições, potencia o desenvolvimento de situações estressantes geradas no ambiente de trabalho e desencadeiam sofrimento psíquico. Os sentimentos de raiva e revolta aparecem nos discursos diante da indignação do trabalhador. Outro sentimento manifestado pelos sujeitos é a culpa pelo desencadeamento do acidente. Essa constatação permite recomendar propostas de reestruturação organizacional, bem como no comportamento dos trabalhadores envolvidos na dinâmica do trabalho.Esto estudio objetivó capturar los sentimientos psicológicos y las percepciones que los trabajadores de salud enfrentan después de accidentes con materiales biológicos, identificando las dificultades para la realización del seguimiento. Una investigación cualitativa con amuestra intencional de 15 trabajadores fue realizada. El miedo fue lo primer sentimiento expresado. El miedo está relacionado a sus atribuciones y potencializa el desarrollo de situaciones de estrés en el ambiente de trabajo y desencadena el sufrimiento psicológico. El sentimiento de ira y revuelta aparece en los discursos antes de la indignación de los trabajadores. Otro sentimiento es la culpa por el desencadenamiento del accidente. Estos resultados permiten recomendar la propuesta de restructuración organizacional así como para el comportamiento de los trabajadores en la dinámica del trabajo.This study aimed at capturing the psychosocial feelings and perceptions health workers face after accidents with biological material, identifying the difficulties to accomplish the follow-up. This qualitative

  9. Estresse em familiares de crianças com transtornos do aprendizado http://dx.doi.org/10.15601/1983-7631/rt.v4n6p66-73

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renata Mousinho

    2011-05-01

    Full Text Available Introdução: Considerando-se a criança parte ativa no núcleo familiar, um déficit na leitura provoca efeitos em toda a família. O baixo rendimento escolar decorrente de dislexia ou distúrbio de aprendizagem pode aumentar o nível de estresse dos familiares.   Metodologia: participaram do projeto de pesquisa dezesseis responsáveis por crianças atendidas no Ambulatório de Transtornos da Língua Escrita, INDC-UFRJ. Foram utilizados dois questionários, sendo um estruturado: estresse, versão reduzida e um questionário específico de problemas de aprendizagem, semi-aberto, calcado nas dificuldades relatadas pelas famílias na prática clínica. Nos dois casos, as respostas deveriam ser dadas considerando-se os momentos antes e depois do diagnóstico. Resultados: foram reveladas correlações estatísticas (Pearson entre os itens dos dois questionários: significância estatística entre estresse x melhores resultados escolares e estresse x compreensão da escola. Na comparação entre o momento antes e depois do diagnóstico, evidenciou-se decréscimo substancial do impacto do estresse nos seguintes aspectos e momentos: durante o período de provas, na relação com a escola, na baixa auto-estima/ sofrimento da criança, nas terapias de apoio, em relação ao julgamento dos outros, na implicância de colegas, e na não compreensão da própria dificuldade. Conclusão: Transtornos do Aprendizado  podem ser fonte de estresse na família. A compreensão da escola somada aos melhores resultados escolares ajudam a diminuí-lo. O diagnóstico, associado à compreensão das dificuldades, é um período em que a redução se torna mais visível. Tais dados confirmam que é um importante momento para oferecer esclarecimento e apoio aos familiares.Palavras-chave: transtornos do aprendizado;família; estresse

  10. O desgaste do trabalhador de enfermagem: relação trabalho de enfermagem e saúde do trabalhador

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vanda Elisa Felli da Silva

    Full Text Available O estudo busca a compreensão do processo saúde-doença, vivenciado pelos trabalhadores de enfermagem no desempenho de seu trabalho, fundamentado na determinação social desse processo. Evidencia as particularidades da relação trabalho-saúde de uma realidade concreta, decompondo e recompondo as intermediações processo de valorização, processo de trabalho, cargas de trabalho e desgaste, o que permitiu explicitar o perfil de morbidade desses trabalhadores. Nesse perfil, os ferimentos pérfuro-cortantes e as doenças ósteo-músculo-articulares aparecem como danos característicos desse grupo de trabalhadores de enfermagem.

  11. O desgaste do trabalhador de enfermagem: relação trabalho de enfermagem e saúde do trabalhador

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vanda Elisa Felli da Silva

    1998-12-01

    Full Text Available O estudo busca a compreensão do processo saúde-doença, vivenciado pelos trabalhadores de enfermagem no desempenho de seu trabalho, fundamentado na determinação social desse processo. Evidencia as particularidades da relação trabalho-saúde de uma realidade concreta, decompondo e recompondo as intermediações processo de valorização, processo de trabalho, cargas de trabalho e desgaste, o que permitiu explicitar o perfil de morbidade desses trabalhadores. Nesse perfil, os ferimentos pérfuro-cortantes e as doenças ósteo-músculo-articulares aparecem como danos característicos desse grupo de trabalhadores de enfermagem.

  12. Doenças músculo-esqueléticas, trabalho-esqueléticas, trabalho e estilo de vida entre trabalhadores de estilo de uma instituição pública de saúde Enfermedades músculo-esqueléticas, trabajo y estilo de vida entre trabajadores de una institución pública de salud Muskuloskeletal diseases, work and lifestyle among public workers at a health institution

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Silvia Monteiro

    2006-03-01

    Full Text Available Foi desenvolvido um estudo transversal com 651 trabalhadores de diferentes ocupações. Os participantes responderam a um instrumento de coleta de dados gerais, ocupacionais e relativos ao estilo de vida, além do "Índice de Capacidade para o Trabalho", desenvolvido por pesquisadores finlandeses. Na análise dos fatores associados à ocorrência da doença, em estudos relativos às características sociodemográficas, foram identificados ser do gênero feminino, ter mais idade e ter baixa escolaridade. Em relação às características do trabalho, a associação à doença ocorreu naqueles com exigência predominantemente física, na maior duração semanal do segundo emprego, no maior tempo de trabalho na instituição. Quanto ao estilo de vida, estiveram associados à ocorrência de doença a obesidade, a longa duração das atividades domésticas e a não-realização de atividades de lazer.Fue desarrollado un estudio transversal con 651 trabajadores de diferentes ocupaciones. Los participantes respondieron a un instrumento de recolección de datos generales, ocupacionales y relativos al estilo de vida, además del "Índice de Capacidad para el Trabajo", desarrollado por investigadores finlandeses. En el análisis de los factores asociados a la ocurrencia de la enfermedad, en estudios relativos a las características sociodemográficas, fueron identificados como del género femenino, tener más edad y baja escolaridad. En relación a las características del trabajo, la asociación a la enfermedad ocurrió en aquellos con exigencia predominantemente física, con mayor duración semanal en el segundo empleo, con el mayor tiempo de trabajo en la institución. En cuanto al estilo de vida, estuvieron asociados a la ocurrencia de enfermedad, la obesidad, la larga duración de las actividades domésticas y la no-realización de actividades de recreación.This is a cross-sectional study developed with 651 workers of various occupations. They

  13. Influência do porta-enxerto no comportamento fisiológico de mudas de cajueiro (Anacardium occidentale L. submetidas a estresses

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Matos Nilson Nogueira

    2003-01-01

    Full Text Available O uso de mudas enxertadas uniformiza o crescimento de plantas e antecipa o início da produção. Os porta-enxertos regulam aspectos, como taxa fotossintética e relações hídricas das mudas, e distúrbios sobre os mesmos afetam o vigor geral das mudas. Este trabalho objetivou comparar os níveis de resistência dos porta-enxertos CCP06 e CCP09, e das mudas enxertadas CCP76/06 e CCP76/09, submetidas a estresses hídrico e salino, através de algumas características bioquímicas e biofísicas. A comparação entre as mudas CCP76/06 e CCP76/09 mostrou comportamentos diferentes. As mudas CCP76/6 reproduziram o comportamento de abertura estomática do porta-enxerto CCP06, que foi mais resistente aos efeitos dos estresses hídrico e salino do que o CCP09. Portanto, deve ter propiciado uma melhor adaptação ao enxerto CCP76/06 sob aqueles tipos de estresse. Alguns mecanismos de controle do porta-enxerto na absorção de íons e trocas gasosas são também discutidos.

  14. Processamento Cognitivo no Transtorno de Estresse Pós-Traumático: Um Estudo Teórico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gabriela Sbardelloto

    2012-12-01

    Full Text Available O presente artigo discute o processamento cognitivo no Transtorno de Estresse Pós-Traumático (TEPT através das teorias mais relevantes relacionadas ao desenvolvimento e manutenção do TEPT: Teoria dos Dois Fatores, Teoria do Processamento Emocional, Teoria da Representação Dual e Teoria Cognitiva de Ehlers e Clark. A partir disso, discute-se a relação entre o processamento cognitivo da experiência traumática e o desencadeamento, a manutenção e o agravamento dos sintomas pós- traumáticos. As abordagens apresentam modelos explicativos sobre o processamento da memória traumática, enfatizando fatores que ocorrem antes, durante e depois do trauma. Verifica-se a necessidade de pesquisas empíricas acerca do processamento cognitivo no TEPT, esforço que vem a contribuir com hipóteses explicativas mais precisas que implicam em intervenções efetivas no TEPT. Palavras-chave: transtorno de estresse pós-traumático; processamento cognitivo; implicações clínicas.

  15. MOVIMENTOS NACIONAIS DE TRABALHADORES E CONEXÕES TRANSNACIONAIS: a evolução da arquitetura das forças sociais do trabalho no neoliberalismo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Peter Evans

    Full Text Available A era neoliberal minou os direitos dos trabalhadores e o poder das forças sociais do trabalho a nível nacional, mas foi caracterizada, também, como uma era do novo “transnacionalismo do movimento dos trabalhadores”. Mudanças conjunturais a nível nacional foram fundamentais para aumentar a abertura às alianças transnacionais. Uma análise das campanhas evidencia isso. Avaliar as conexões entre movimentos nacionais de trabalhadores e a nova infraestrutura organizacional que emergiu no neoliberalismo é um ponto de partida necessário para construir teorias mais apuradas sobre as dinâmicas das contestações das forças sociais do trabalho ao capital global.

  16. Avaliação do transtorno de estresse pós-traumático em sobreviventes de câncer infantil

    OpenAIRE

    Kern de Castro, Elisa

    2016-01-01

    Objetivo: avaliar sintomas de transtorno de estresse pós-traumático (TEPT) em sobreviventes de câncer infantil. Método: Participaram 65 sobreviventes que responderam a uma ficha de dados sociodemográficos e clínicos, Escala de Rastreio de Sintomas de Stress Pós-Traumático (SPTSS-17) e PTSD Checklist – Civilian Version (PCL-C). Resultados: A presença de sintomas de TEPT variou entre 9,2% e 18,5% nessa amostra. Com relação à sintomatologia, 41% apresentaram sintomas aumentados de revivência, 16...

  17. Avaliação do transtorno de estresse pós-traumático em sobreviventes de câncer infantil

    OpenAIRE

    Kern de Castro, Elisa; Armiliato, Maria Júlia; Klein Zancan, Renata; Gregianin, Lauro

    2016-01-01

    Avaliar sintomas de transtorno de estresse pós-traumático (TEPT) em sobreviventes de câncer infantil. Método: Participaram 65 sobreviventes que responderam a uma ficha de dados sociodemográficos e clínicos, Escala de Rastreio de Sintomas de Stress Pós-Traumático (SPTSS-17) e PTSD Checklist – Civilian Version (PCL-C). Resultados: A presença de sintomas de TEPT variou entre 9,2% e 18,5% nessa amostra. Com relação à sintomatologia, 41% apresentaram sintomas aumentados de revivência, 16,9% de evi...

  18. Facilitadores e barreiras de retorno ao trabalho de trabalhadores acometidos por LER/DORT

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jorge Henrique Santos Saldanha

    Full Text Available INTRODUÇÃO: As Lesões por Esforços Repetitivos/Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho (LER/DORT causam afastamento do trabalho de uma grande parcela de trabalhadores. OBJETIVO: Entender e sistematizar de que forma os fatores relacionados ao retorno ao trabalho (RT de trabalhadores acometidos por LER/DORT são descritos na literatura como facilitadores ou barreiras. MÉTODOS: Revisão crítica de literatura do período de janeiro de 2005 a outubro de 2010 disponível nas bases Lilacs, MedLine e SciELO. As informações foram sistematizadas em três categorias de fatores que influenciam o RT e como facilitadores ou barreiras - de ordem pessoal, de ordem organizacional e relacionadas às características dos serviços, sistemas e políticas. RESULTADOS: Dos 633 artigos inicialmente levantados, 21 atenderam aos critérios de inclusão. Fatores identificados como mais relevantes: de ordem pessoal - dor, fatores psicossociais, afastamento do trabalho; organizacionais - modificações nos postos de trabalho, demanda psicológica do trabalho, apoio organizacional, apoio de colegas e da chefia; relacionados aos serviços, sistemas e políticas - programa de retorno ao trabalho, tempo de afastamento e serviços de apoio. CONCLUSÃO: O estudo evidenciou que o RT é um processo complexo, que demanda políticas intersetoriais, cooperação técnica e pactuação de metas entre os atores envolvidos no processo.

  19. AS INTERFASES DA QUALIFICAÇÃO DO TRABALHADOR BRASILEIRO NO CONTEXTO DA MUNDIALIZAÇÃO DO CAPITAL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Enéas Arrais Neto

    2017-03-01

    Full Text Available Este trabalho visa refletir acerca da relação dialética entre educação e trabalho, inserido no contexto de Mundialização do Capital e seus rebatimentos na qualificação profissional dos trabalhadores. Para tanto, o presente estudo é uma pesquisa bibliográfica, cujas leituras têm como núcleo central a relação entre trabalho e educação a partir de uma perspectiva histórico-dialética. Destacamos que o aporte teórico deste estudo é subsidiado pelo pensamento de Chesnais (1996, Alves (1999, Antunes (2010, Cunha (2000 e Ramos (2002. Consideramos que a relação entre educação e trabalho no contexto de Mundialização do Capital é resignificada, uma vez que no processo de Internacionalização do Capital ocorre uma remodelagem do espaço produtivo a nível mundial, além do acirramento da concentração de riqueza, acarretando na concorrência entre os trabalhadores e na exigência por qualificação profissional de acordo com as demandas do mercado de trabalho.  Essa processualidade atinge profundamente a educação profissional brasileira, cujos rebatimentos recaem na priorização de uma formação pautada na flexibilidade e na polivalência, de modo a atender as exigências da globalização e da crise do emprego.

  20. Violência e transtorno de estresse pós-traumático na infância

    OpenAIRE

    Ximenes,Liana Furtado; Oliveira,Raquel de Vasconcelos Carvalhães de; Assis,Simone Gonçalves de

    2009-01-01

    O artigo apresenta a prevalência dos sintomas de transtorno de estresse pós-traumático (TEPT) em crianças escolares (6-13 anos) do município de São Gonçalo, Rio de Janeiro. Investiga também a associação entre TEPT, violência e outros eventos de vida adversos. O processo de amostragem utilizado foi por conglomerados em três estágios de seleção. Quinhentos pais dos estudantes foram entrevistados sobre o comportamento de seus filhos. Para avaliar os sintomas de TEPT, foi utilizado a Child Behavi...

  1. Saúde do trabalhador: condições de trabalho do pessoal de enfermagem em hospital psiquiátrico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edilene Lima Vianey

    2003-10-01

    Full Text Available Este estudo trata da preocupação dos profissionais da saúde em especial a enfermagem psiquiátrica com o estresse, devido a própria caracterfstica de sua atividade. Através de um estudo bibliográfico procurou-se compreender as relações entre condições de trabalho na enfermagem, ambiente ansiogênico e desgaste físico e mental. Considera-se que é preciso implantar e implementar programas que visem reduzir os riscos profissionais do pessoal de enfermagem que trabalham em psiquiatria.

  2. Avaliação de instrumento de detecção de problemas relacionados ao uso do álcool (CAGE entre trabalhadores da prefeitura do campus da Universidade de São Paulo (USP - campus capital Evaluation of a screening test for alcohol-related problems (CAGE among employees of the Campus of the University of São Paulo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ricardo Abrantes do Amaral

    2004-09-01

    Full Text Available O uso do álcool pode ser responsável por acidentes, atrasos e faltas no trabalho. Sua detecção é limitada pelas dificuldades de pacientes e médicos quanto ao assunto. O questionário CAGE pode ser uma alternativa fácil, rápida e pouco intimidativa na detecção dos problemas relacionados ao uso de álcool (PRA. OBJETIVOS: Avaliar os indicadores de validade do CAGE - sensibilidade (S, especificidade (E, valor preditivo positivo, VPP e a área sob a curva ROC, ASC - entre funcionários da Prefeitura da Cidade Universitária, utilizando a Entrevista Clínica Estruturada para o DSM-IV, a SCID 2.0. MÉTODOS: Foram selecionados aleatoriamente 203 funcionários para entrevista com um questionário sociodemográfico seguido do CAGE e da SCID 2.0 Os indicadores de validade do CAGE foram analisados através dos resultados da SCID 2.0 para abuso e dependência do álcool e os dados sociodemográficos pelo cálculo do qui-quadrado. RESULTADOS: Entre os 192 funcionários entrevistados, a prevalência do CAGE positivo foi 19,8%, com os seguintes indicadores de validade para a detecção de PRA: S=84,4%, E=93,1%, VPP=71,1% e ASC=0,88 (pAlcohol intake may play a significant role in absenteeism, delays and accidents at the workplace. However, its detection is limited by difficulties of both patients and physicians regarding the subject. The CAGE questionnaire may be an easy, fast and non intimidative alternative to detect alcohol-related problems (ARP. OBJECTIVES: To evaluate the validity coefficients of the CAGE (sensitivity, Sen; specificity, Spec; positive predictive value, PPV, and the area under the ROC curve - AUC among employees of the Campus of the University of São Paulo using the Structured Clinical Interview for DSM-IV, SCID 2.0. METHODS: A random 203-worker sample was selected to be surveyed with a socio-demographic questionnaire followed by the CAGE questions and the SCID 2.0. CAGE validity coefficients were analyzed according to the SCID 2

  3. Ocorrência de acidente de trabalho por materiais perfurocortantes e fluidos biológicos em estudantes e trabalhadores da saúde de um hospital escola de Brasília Frecuencia de accidentes del trabajo causados por instrumentos puntiagudo-cortantes y fluidos biológicos entre estudiantes y personal de un hospital escuela de la ciudad de Brasilia Occurrence of work accidents caused by sharp-edged hollow-pointed equipment and biological fluids among medical students and health personnel in a Brasília university hospital

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Helena Eri Shimizu

    2002-12-01

    Full Text Available estudo teve por objetivo verificar e analisar a ocorrência de acidentes de trabalho causados por materiais perfurocortantes e fluidos biológicos em estudantes e trabalhadores da área da saúde. Foi realizado em um hospital-escola de Brasilia. A coleta de dados foi feita a partir dos registros de acidentes de trabalho mantidos pela Comissão de Controle de Infecção Hospitalar e referentes ao período de agosto de 1998 a junho de 2000. Verificou-se que 117 pessoas sofreram acidentes de trabalho, em sua grande maioria causados por agulhas. Concluiu-se que existe a necessidade de melhoria nos sistemas de prevenção de acidentes na instituição.El objetivo del estudio fue el de verificar y analizar la frecuencia de accidentes del trabajo causados por instrumentos puntiagudo-cortantes entre estudiantes y personal de un hospital escuela de la ciudad de Brasilia. Los datos, recogidos de los registros de accidentes del trabajo de la Comisión de Control de Infección Hospitalaria, corresponden al periodo entre agosto de 1998 y junio de 2000. Se verifico que 117 personas sufrieron accidentes del trabajo, en su gran mayoría causados por agujas. Se llegó a la conclusión de que es necesario mejorar el sistema de prevención de accidentes en dicha institución.The objective of the study was to check and analyze the occurrence of work accidents caused by sharp-edged hollow-pointed equipment and biological fluids among medical students and health personnel. It was carried out in a Brasilia university hospital. The data were collected from records of work accidents kept by the Hospital Infection Control Committee, from August 1998 to June 2000. It has turned out that 117 persons were victims of work accidents, the vast majority of them caused by needles. The study has reached the conclusion that the accident prevention system must be improved at the above mentioned hospital.

  4. Qualidade de vida no trabalho e burnout em trabalhadores de enfermagem de Unidade de Terapia Intensiva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Denise Rodrigues Costa Schmidt

    2013-02-01

    Full Text Available Estudo descritivo, correlacional, de corte transversal, cujos objetivos foram avaliar a Qualidade de Vida no Trabalho (QVT e a presença da Síndrome de Burnout entre profissionais de enfermagem de Unidade de Terapia Intensiva. Compuseram a amostra 53 trabalhadores de enfermagem de um hospital escola do interior do Paraná, Brasil. Utilizou-se para a coleta de dados: instrumento de caracterização sócio-demográfica e profissional, Escala Visual Analógica para QVT e o Maslach Burnout Inventory (MBI. A coleta de dados ocorreu entre abril e agosto de 2009. Predominaram auxiliares de enfermagem (52,8%, do sexo feminino (66,0%, casados (67,9%, com idade média de 42,4 anos. A média de QVT para o total da amostra foi de 71,1 (D.P.=15,5, demonstrando uma avaliação satisfatória para essa medida. As dimensões Exaustão Emocional, Despersonalização e Realização Profissional obtiveram média de 11,4 (DP=7,7, 4,6 (DP=4,1 e 25,0 (DP=5,9, respectivamente, enquanto a medida de QVT somente obteve associação estatisticamente significante com a dimensão Exaustão Emocional (p=0,000.

  5. Transtorno de estresse pós-traumático decorrente de acidente de trabalho: implicações psicológicas, socioeconômicas e jurídicas Posttraumatic stress disorder resulting from occupational accident: psychological, socioeconomic, and legal implications

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiziana Souto Schaefer

    2012-08-01

    Full Text Available Entre as possíveis consequências dos acidentes de trabalho ressalta-se que, embora os prejuízos físicos sejam mais facilmente percebidos, sintomas e transtornos psiquiátricos têm sido cada vez mais observados. Nesse contexto, o Transtorno de Estresse Pós-Traumático (TEPT é um dos transtornos mais comuns, causando prejuízos para os trabalhadores e tendo grande impacto na sua qualidade de vida. O objetivo deste artigo foi apresentar uma revisão teórica sobre o TEPT decorrente de acidente de trabalho, bem como revisar as implicações psicológicas, sócio-econômicas e jurídicas desencadeadas pelo transtorno. A partir da revisão da literatura apresentada, fica evidente a repercussão do TEPT para a vida do indivíduo, com prejuízos significativos nas relações familiares, sociais e, sobretudo, no ambiente de trabalho. Finalmente, a discussão sobre o TEPT no contexto do trabalho suscita para a consideração em torno de diferentes eixos: prevenção, avaliação, tratamento e ressarcimento acerca dos prejuízos causados.Among the possible consequences of occupational accidents, it is emphasized that although the physical damage are more easily perceived, psychiatric symptoms and disorders have been increasingly observed. In this context, Post-Traumatic Stress Disorder (PTSD is one of the most common, causing injuries to workers and having great impact on their quality of life. The aim of this paper was to present a theoretical review of PTSD resulting from occupational accidents as well as review the psychological, socioeconomic and legal consequences triggered by the disorder. From the review of the literature presented, it is evident the impact of PTSD for the individual's life, with significant losses in their relationships and in the workplace. Finally, the discussion about PTSD in the work environment raises for consideration about prevention, assessment, treatment and compensation.

  6. Transtorno de estresse pós-traumático e transtorno de humor bipolar

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Machado Vieira Rodrigo

    2003-01-01

    Full Text Available O Transtorno Bipolar (THB não é somente uma condição endógena. Severos eventos negativos durante a vida influenciam o desenvolvimento do primeiro episódio e alteram o curso do THB durante a vida. O Transtorno de Estresse Pós-Traumático (TEPT é uma severa e incapacitante doença mental que afeta uma significativa parcela da população, em algum momento de suas vidas. A presença concomitante de TEPT e THB parece mais freqüente que anteriormente sugerido, e pacientes psicóticos com história de trauma tem sintomas mais severos e maior tendência a abusar de substância psicoativas ilícitas. Pensamentos intrusivos e pesadelos ocorrem com freqüência nos pacientes com TEPT e têm sido associados aos transtornos de humor. O tratamento farmacológico dessa comorbidade ainda está relacionado a estudo empíricos ou não-controlados. Neste artigo, são revisados aspectos atuais relacionados a essa comorbidade e enfatizados aspectos referentes à epidemiologia, etiologia, curso e tratamento farmacológico da comorbidade entre TEPT e THB. Especialmente, este estudo enfatiza a importância de avaliar sistematicamente a história de trauma em pacientes com THB.

  7. A concepção de loucura e do seu tratamento entre os trabalhadores de saúde mental de uma instituição prestadora de serviço em nível secundário de atenção La concepción de locura y de su tratamiento, en los trabajadores de salud mental de una institución The conception of madness and its treatment to mental health workers from a second level service institution

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Valéria Mastrange Pugin

    1997-05-01

    Full Text Available O presente trabalho tem como objetivo analisar as concepções de loucura e do seu tratamento entre os trabalhadores de saúde mental de uma instituição prestadora de serviço em nível secundário de atenção e a visão destes sobre o tratamento oferecido pela instituição. A pesquisa empírica foi realizada através de entrevistas semi-estruturadas com trabalhadores da equipe de saúde mental. Através da análise dos discursos foram observadas diversas formas de conceber a loucura sendo divididas em dois grupos: um que reproduz o saber científico (ligadas as diversas correntes de pensamento da área e outro que reproduz o saber advindo da prática. Este último apresenta uma visão social da loucura uma vez que ela é vista como produto das desigualdades sociais. Encontramos também a visão de periculosidade do doente mental em três categorias entrevistadas.El presente trabajo tuvo por objetivo analizar las concepciones de la locura y su tratamiento, considerando los trabajadores de la salud mental que se desempeñan en una institución prestadora de servicios a nivel secundario, y la visión de éstos sobre el tratamiento que les es dado por la propia institución. La investigación empírica fue realizada a través de entrevistas semi-estructuradas, con los discursos fueron observadas diversas formas de concebir la locura, fueron divididas en dos grupos: uno que reproduce el saber científico (vinculado a las diversas corrientes de pensamiento en el área y otro que reproduce el saber oriundo de la práctica. Este último presenta una visión social de la locura, dado que ésta es un producto de las desigualdades sociales. Encontramos también la visión de la peligrosidad del enfermo mental, en tres categorías entrevistadas.This paper aims at analyzing madness, as considered by mental health care workers from a second level service institution, and how they see the therapy offered by the organization. A research was conducted

  8. Saúde mental do trabalhador: o assédio moral praticado contra trabalhadores com LER/DORT

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edil Ferreira da Silva

    Full Text Available Este artigo analisa como o assédio moral se configura na vida dos portadores de lesões por esforços repetitivos/distúrbios osteomusculares relacionados ao trabalho (LER/DORT. Participaram do estudo, realizado em 2007, 20 trabalhadores acometidos por LER/DORT de uma indústria do calçado em Campina Grande-PB. Empregaram-se entrevista semiestruturada e análise de conteúdo. Os resultados apresentam um quadro de assédio moral interpessoal e organizacional que está bem configurado nas histórias de adoecimento dos trabalhadores e nas suas trajetórias de busca de ajuda para seus problemas de saúde. O assédio moral interpessoal e organizacional se evidencia em virtude de todos os aspectos de humilhação, exclusão e pressão que recebem no ambiente de trabalho, sob forma de coação, subversão, chantagem e rebaixamento. Para não terem que sofrer com o desemprego, alguns preferem pedir demissão, outros suportam as dores, ultrapassando os limites do corpo. A lógica da produção de assédio moral e organizacional destrói a solidariedade e impede que os trabalhadores construam coletivamente formas de enfrentamento do trabalho.

  9. Reflexões sobre os atuais modelos de gestão na produção da (inter subjetividade dos trabalhadores

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cabral, Patricia Martins Fagundes

    2008-01-01

    Full Text Available Neste artigo, propõe-se refletir sobre algumas repercussões dos atuais modelos de gestão na produção da subjetividade e intersubjetividade dos trabalhadores. Essa reflexão é feita de razão de que, na contemporaneidade, se é gente num mundo em que fatores como objetividade, controle e estabilidade estão sendo redimensionados. Vive-se em um momento de franco questionamento aos paradigmas que há pouco norteavam a sociedade e, conseqüentemente, de necessidade de novas formas de gestão organizacional, de atenção aos significados do trabalho e às relações estabelecidas com e entre os trabalhadores. O surgimento do pensamento sistêmico complexo indica a necessidade de atender às emergências implicam novas reflexões sobre a subjetividade do trabalhador, a gestão por competências, a responsabilidade social e a sustentabilidade, sugerindo que relações de trabalho mais eficazes, mesmo que temporárias, podem ser úteis e satisfatórias a todos os envolvidos nessa rede de interações

  10. Estratégias de biossegurança dos trabalhadores da saúde no cuidado às pessoas com HIV/AIDS (1986-2006

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mariana Vieira Villarinho

    2014-03-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi identificar as estratégias de biossegurança utilizadas pelos trabalhadores da saúde de um hospital referência em doença infectocontagiosas, no cuidado às pessoas com HIV/AIDS, no período de 1986 a 2006. Métodos: Trata-se de um estudo descritivo qualitativo com perspectiva sócio-histórica que utilizou a História Oral para a realização de entrevistas com 23 trabalhadores da saúde. Resultados: Apartir da análise de conteúdo de Bardin emergiram duas categorias: Busca pelo conhecimento sobre a AIDS no início da epidemia; e mudança no processo de trabalho: estratégia de biossegurança à minimização do acidente de trabalho. Conclui-se que foi necessário e correto investir na segurança por meio de ações educativas e preventivas que promoveram transformações culturais, que produziram maior simetria entre os trabalhadores da saúde, sobretudo da enfermagem, e enalteceram o cuidado de si, no cuidado às pessoas, independente do seu diagnóstico soropositivo para o HIV.

  11. Prevalência de Transtorno Mental e Comportamental em Trabalhadores de Indústrias de Abate de Suínos e Aves no Sul do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Romilda Guilland

    2017-02-01

    Full Text Available No Brasil, no Paraná, a produção de alimentos de origem animal é uma das atividades econômicas que mais contrata força de trabalho, mas, também, é uma das que mais contribui para a ocorrência de adoecimentos, porém ainda se tem pouco conhecimento sobre os transtornos mentais. Trata-se de uma pesquisa epidemiológica de caráter descritivo acerca de transtornos mentais e comportamentais em trabalhadores de indústrias de abate de suínos, aves e outros pequenos animais do estado do Paraná. Foram utilizados dados secundários da Previdência Social brasileira, de 2008 a 2014. Os resultados apontaram que a maioria dos trabalhadores incapacitados têm entre 28 e 38 anos, são mulheres e apresentam prevalência de depressão. Houve prevalência do benefício auxílio-doença previdenciário em detrimento do auxílio-doença por acidente de trabalho, que possui nexo com o trabalho. Além disso, redução anual dos benefícios acidentários concedidos. Conclui-se que há dificuldade dos trabalhadores em obter o reconhecimento da doença como decorrente do trabalho, especialmente quando caracterizadas como transtornos mentais.

  12. A Loteria do Ipiranga e os trabalhadores: um sonho de liberdade no final do século XIX

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Beatriz Ana Loner

    2014-06-01

    Full Text Available O artigo aborda a disseminação das apostas em loterias durante as últimas décadas do século XIX no Brasil. Em especial, trata da primeira extração da Loteria de São Paulo, cujo objetivo era arrecadar fundos para a construção do Monumento do Ipiranga, no ano de 1880. Em um segundo momento, discute o empenho dos escravizados nas apostas de loterias como meio de amealhar recursos para financiar sua própria liberdade. Neste particular, descreve a trajetória do grupo de trabalhadores pelotenses que foi contemplado com o primeiro prêmio da Loteria do Ipiranga, cuja extração ocorreu em fevereiro de 1881, e analisa as consequências que a sorte na loteria trouxe à vida dos contemplados. Eles formavam um grupo misto de oito trabalhadores, separados por cor, gênero e posição social, que compreendia quatro homens e quatro mulheres; quatro brancos e quatro afrodescendentes; cinco livres, uma liberta e duas cativas. Apesar destas diferenciações, suas histórias guardam muitos pontos de semelhança entre si, com relação ao uso do dinheiro e a forma como eram tratados pela sociedade da época.

  13. Gestão de Recursos Humanos nos Trabalhadores Temporários de Agência

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria José Chambel

    Full Text Available RESUMONeste estudo avaliamos em que medida a Teoria da Troca Social podia ser utilizada para explicar as respostas dos trabalhadores temporários de agência (TTA. Aplicamos um questionário a uma amostra de 953 TTA e utilizamos Modelos de Equações Estruturais para analisar os resultados. Verificamos que o sistema de práticas de gestão de recursos humanos se relacionava positivamente com o comprometimento afetivo (β = 0,58; p < 0,01 e com o engagement (β = 0,24; p< 0,01, explicando 40% e 30% dessas variáveis, respectivamente. O cumprimento do contrato psicológico por parte da organização mediava parcialmente a relação entre este sistema e essas respostas positivas dos trabalhadores. Uma importante implicação deste estudo é que o investimento nos TTA relaciona-se com respostas positivas da sua parte.

  14. Leucemia mieloide aguda versus ocupação profissional: perfil dos trabalhadores atendidos no Hospital de Hematologia de Recife

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Queliane Gomes da Silva Carvalho

    2011-12-01

    Full Text Available O estudo objetivou conhecer o perfil dos trabalhadores em faixa etária economicamente ativa admitidos de 1997 a 2007 em hospital de hematologia com diagnóstico de leucemia mieloide aguda (LMA; verificar as profissões com maior prevalência entre os trabalhadores atendidos que foram a óbito e identificar os riscos ocupacionais compatíveis com o aparecimento da LMA nas profissões prevalentes. Estudo exploratório de natureza quantitativa. A maior parte dos perfis caracterizou-se por ser procedente do agreste e da região metropolitana do estado, do sexo masculino, pertencente à raça branca e com grau de escolaridade fundamental incompleto. As ocupações de maior destaque foram aquelas relacionadas à agricultura e ao trabalho doméstico, sendo as substâncias químicas utilizadas no processo de trabalho de ambas, de acordo com a literatura, possíveis fatores envolvidos no desencadeamento da patologia.

  15. Aspectos germinativos de cultivares de girassol armazenadas submetidos a estresse térmico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renato Costa Nunes Leandro

    2015-12-01

    Full Text Available Objetivou-se avaliar a germinação de sementes de diferentes cultivares de girassol armazenadas sob condições de estresse térmico. O trabalho foi desenvolvido no Laboratório de Análise de Sementes do Departamento de Fitotecnia da Universidade Federal do Ceará (UFC, em Fortaleza - CE. Para a avaliação da influência da temperatura o experimento foi disposto em delineamento inteiramente casualizado em esquema fatorial (20 x 5, sendo vinte cultivares de girassol e cinco regimes de temperaturas (25,0; 27,5; 30,0; 32,5 e 35,0º C e, respectivamente, conduzido quatro repetições. Foram avaliadas as seguintes variáveis: média da matéria fresca por plântula; média da matéria seca por plântula tempo médio de germinação; índice de velocidade de germinação; porcentagem de germinação. Os resultados foram comparados entre si pelo teste de Skott-Knott a 5% de probabilidade. A avaliação de estresse térmico promovido nas sementes de girassol, permitiram discriminar o híbrido Olissun como o que apresentou as melhores características em termos de qualidade fisiológica para superação de estresse térmico em comparação aos demais cultivares avaliados. Germinal aspects of stored sunflower cultivars subjected to heat stressAbstract: This study aimed to evaluate the germination of seeds of different cultivars of sunflower under conditions of heat stress. The study was conducted in the Plant Science Department of the Seed Analysis Laboratory of the Federal University of Ceará (UFC in Fortaleza-CE. For the evaluation of the influence of temperature, the experiment was arranged in a completely randomized design in a factorial design (20 x 5, and twenty varieties of sunflower five temperature regimes (25.0, 27.5, 30.0, 32.5 and 35,0º C and, respectively, conducted four replications. The following variables were evaluated: mean fresh weight per plant; average dry matter per plant average time of germination; germination speed index

  16. Direito Ambiental do Trabalho e a saúde dos trabalhadores da pesca artesanal: estudo de caso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ingrid Gil Sales Carvalho

    2013-12-01

    Full Text Available O presente tem objetiva refletir sobre o Direito Ambiental do Trabalho (DAT na perspectiva contributiva da saúde do trabalhador da pesca artesanal. Trata-se de pesquisa bibliográfica/documental em que foram consultados documentos originais, livros, artigos, leis, projetos, regulamentos, pareceres e relatórios, utilizando-se das seguintes palavras-chave: ambiente, meio ambiente, trabalho, saúde, saudável, direito ambiental, direito do trabalho, direito ambiental do trabalho, pesca, pescador, artesão, artesanal. O Direito do Trabalho (DT se constitui de normas específicas vinculadas à promoção da saúde e da segurança para o trabalhador e, assim como o Direito Ambiental (DA, que cuida da normatização, tanto no ambiente natural, quanto do artificial, são dois ramos do Direito Brasileiro que se sobressaem na amplitude e eficácia das normas de proteção à saúde do trabalhador. O meio ambiente de trabalho está centralizado na pessoa do trabalhador e no desenvolvimento de sua atividade laboral. O meio ambiente de trabalho é o local onde as pessoas desempenham suas atividades laborais. No caso do pescador artesanal, este se encontra imerso ao mesmo tempo no seu ambiente natural e artificial. Assim, qualquer contaminação, poluição ou dano ao meio ambiente natural afeta diretamente o pescador artesanal e, por conseguinte, a sua saúde. Evidenciou-se uma escassez na produção científica do Brasil, que aborde diálogos entre a saúde do pescador artesanal e o seu direito a um meio ambiente de trabalho saudável. Acredita-se que o DAT pode contribuir positivamente para a regulamentação da garantia do Direito à Saúde do pescador artesanal no Brasil no seu meio ambiente de trabalho.

  17. Sleep disorders and quality of life of harvesters rural labourers Distúrbios do sono e qualidade de vida de trabalhadores rurais safristas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Joseane Lima

    2010-06-01

    Full Text Available The various kinds of work may interfere in the laborer's quality of sleep. Among the factors, the unemployment caused by the period between the coffee harvests on the agriculture of South Minas may influence the appearance of anxiety and depression symptoms, and it may cause impairments to the quality of life and changes in the rural laborers' pattern of sleep. OBJECTIVE: To appraise the sleep and the effects on the quality of life in the rural laborers in the period between the coffee harvests. METHOD: In the study-group, 40 patients, rural laborers, were evaluated, and in the control-group, 40 patients, fixed laborers. Instruments used: clinical interview, The Pittsburgh Sleep Quality, Index Beck Anxiety Inventory, Hamilton Depression Rating Scale, and World Health Organization Quality of Life. RESULTS: The study-group showed impairment in the quality of the sleep; anxiety and depression signals and symptoms were high in both groups; being them higher in the harvesters laborers; the quality of life presented good levels in both groups, with losses in the domain "social relationship" between the harvesters; the sleep disturbances influenced the appearance of anxiety and depression signs and symptoms, but they did not interfere in the perception of the quality of life. CONCLUSION: The rural laborers that have fixed labors are less exposed to the symptoms of anxiety and depression - along with sleep disorders - than the harvesters laborers. Thus, the study-group's perception of the quality of life is better than the control-group's.As diversas formas de trabalho podem interferir na qualidade do sono do trabalhador. Entre os fatores, o desemprego ocasionado pela entressafra da cultura cafeeira nas lavouras sul mineiras pode influenciar no surgimento de sintomas de ansiedade e de depressão e causar prejuízos na qualidade de vida e alterações no padrão do sono dos trabalhadores rurais. OBJETIVO: Avaliar o sono e as repercussões na qualidade de

  18. Resíduos biológicos nos Institutos de Medicina Legal de Goiás: implicações para os trabalhadores

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Izildinha Pedreira Barros

    2006-12-01

    Full Text Available Os objetivos deste estudo foram identificar o manejo dos resíduos biológicos nos Institutos de Medicina legal, segundo as diferentes etapas previstas na legislação nacional vigente; verificar a situação de risco biológico ocupacional para os trabalhadores dos Institutos de Medicina Legal (IML do Estado de Goiás A coleta de dados foi realizada por meio de observação direta, entrevista e questionário com os trabalhadores. Apesar desses serviços gerarem resíduos semelhantes ao de qualquer instituição de saúde, estes não são segregados, acondicionados e dispostos conforme as normas legais vigentes. O manejo de perfurocortantes foi o principal risco para o trabalhador, gerando exposição percutânea. Embora, haja uma consciência, entre os trabalhadores, acerca do risco biológico envolvido em suas atividades, há baixa adesão às medidas de proteção. A maioria não usa os equipamentos de proteção individual recomendados, e não têm esquema completo para as vacinas contra o vírus da hepatite B e contra o tétano. Os resultados mostram a ausência de uma política voltada para o gerenciamento dos resíduos biológicos nos IML, a vulnerabilidade dos profissionais quanto aos riscos com material biológico e a premente necessidade de educação permanente em relação às medidas de biossegurança.

  19. Resíduos biológicos nos institutos de medicina legal de Goiás: implicações para os trabalhadores

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Izildinha Pedreira Barros

    2006-12-01

    Full Text Available Os objetivos deste estudo foram identificar o manejo dos resíduos biológicos nos Institutos de Medicina legal, segundo as diferentes etapas previstas na legislação nacional vigente; verificar a situação de risco biológico ocupacional para os trabalhadores dos Institutos de Medicina Legal (IML do Estado de Goiás A coleta de dados foi realizada por meio de observação direta, entrevista e questionário com os trabalhadores. Apesar desses serviços gerarem resíduos semelhantes ao de qualquer instituição de saúde, estes não são segregados, acondicionados e dispostos conforme as normas legais vigentes. O manejo de perfurocortantes foi o principal risco para o trabalhador, gerando exposição percutânea. Embora, haja uma consciência, entre os trabalhadores, acerca do risco biológico envolvido em suas atividades, há baixa adesão às medidas de proteção. A maioria não usa os equipamentos de proteção individual recomendados, e não têm esquema completo para as vacinas contra o vírus da hepatite B e contra o tétano. Os resultados mostram a ausência de uma política voltada para o gerenciamento dos resíduos biológicos nos IML, a vulnerabilidade dos profissionais quanto aos riscos com material biológico e a premente necessidade de educação permanente em relação às medidas de biossegurança.

  20. O estresse salino afeta o crescimento e o equilíbrio entre compostos ...

    African Journals Online (AJOL)

    Alide Mitsue Watanabe Cova

    2016-10-26

    Oct 26, 2016 ... the effects of salinity on the growth and accumulation of organic and inorganic solutes were evaluated in 'noni' seedlings ... indicator of salt-induced metabolic disorders. ..... despite its importance in osmoregulation, this result.

  1. PERCEPÇÕES SOBRE O ESTRESSE ENTRE PROFESSORES UNIVERSITÁRIOS

    OpenAIRE

    EFRAIM CARLOS COSTA; MARIA MÁRCIA BACHION; LORANY FERREIRA DE GODOY; LUDMILA DE ORNELLAS ABREU

    2005-01-01

    En esta pesquisa-de característica descriptiva-se analizaron las percepciones sobre el estrés, percibidas por profesores universitarios. Este estudio fue desarrollado en la Universidad Federal de Goiás. La recogida de datos se hizo a partir de entrevistas grabadas. Para el análisis fue utilizado el modelo de Bogdan & Biken. Participaron del estudio 71 profesores. Fueron identificadas 4 categorías: los docentes perciben indicadores de estrés, tales como dolor en el cuerpo, somnolencia, palpita...

  2. Estresse oxidativo: conceito, implicações e fatores modulatórios Oxidative stress: concept, implications and modulating factors

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kiriaque Barra Ferreira Barbosa

    2010-08-01

    Full Text Available O estresse oxidativo decorre de um desequilíbrio entre a geração de compostos oxidantes e a atuação dos sistemas de defesa antioxidante. A geração de radicais livres e/ou espécies reativas não radicais é resultante do metabolismo de oxigênio. A mitocôndria, por meio da cadeia transportadora de elétrons, é a principal fonte geradora. O sistema de defesa antioxidante tem a função de inibir e/ou reduzir os danos causados pela ação deletéria dos radicais livres e/ou espécies reativas não radicais. Esse sistema, usualmente, é dividido em enzimático (superóxido dismutase, catalase e glutationa peroxidase e não-enzimático. No último caso, é constituído por grande variedade de substâncias antioxidantes, que podem ter origem endógena ou dietética. Objetivou-se revisar os principais mecanismos de geração de radicais livres, bem como a ação dos agentes mais relevantes do sistema de defesa antioxidante, ressaltando suas implicações sobre os marcadores do estresse oxidativo. Também serão abordados os principais fatores exógenos moduladores do estresse oxidativo.There is evidence that oxidative stress, defined as a persistent imbalance between the production of highly oxidative compounds and antioxidant defenses, leads to tissue damage. Oxygen metabolism generates free radicals and/or non-radical reactive oxygen species. The mitochondria, through the electron transport chain, are the main generator of these species. The antioxidant defense system has the function of inhibiting and/or reducing the damage caused by the deleterious free radicals and/or non-radical reactive oxygen species. This system is divided into enzymatic (superoxide dismutase, catalase and glutathione peroxidase, and nonenzymatic. The nonenzymatic system consists of a variety of antioxidant substances, which may be endogenous or dietary. This study proposed to review the main mechanisms of reactive oxygen species generation and the role of the most

  3. Cochilos durante o trabalho noturno em equipes de enfermagem: possíveis benefícios à saúde dos trabalhadores

    OpenAIRE

    Silva-Costa, Aline; Rotenberg, Lúcia; Griep, Rosane Härter; Fischer, Frida Marina

    2015-01-01

    Objetivo: Caracterizar o cochilo durante plantões noturnos em termos da duração, eficiência, alocação e qualidade entre trabalhadores de enfermagem. Estudo transversal realizado em 2009. Trabalhadoras, que atuavam há mais de um ano em plantões noturnos e, que não referiram queixas de sono utilizaram instrumento de registro de atividade-repouso (actímetro) e preencheram protocolo de atividades e questionário (n = 49). Resultados: 87% das participantes cochilaram todas as noites de trabalho, co...

  4. Violência comunitária e transtorno de estresse pós-traumático em crianças e adolescentes

    OpenAIRE

    Ximenes, Liana Furtado; Assis, Simone Gonçalves de; Pires, Thiago de Oliveira; Avanci, Joviana Quintes

    2013-01-01

    O presente estudo tem como objetivo analisar a associação entre exposição à violência comunitária e o Transtorno de Estresse Pós-Traumático (TEPT) segundo gênero e faixa etária entre crianças e adolescentes de escolas públicas de São Gonçalo/RJ. Participaram da análise deste artigo 399 crianças e adolescentes (idade média de 10,6 anos, DP=1,0). A prevalência total de sintomas de TEPT nas crianças e adolescentes é de 9,5%, sendo maior nas meninas (12,6%) do que nos meninos (6,5%). No modelo mu...

  5. Comparação das formas de aplicação papel e caneta e eletrônica do índice de estresse parental versão reduzida (PSI-SF

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Camila Piccini Aiello

    2014-04-01

    Full Text Available Objetivo avaliar se a aplicação eletrônica do Índice de Estresse Parental – versão reduzida (PSI-SF é comparável à aplicação em formato papel e caneta. Verificar o estresse em pais de crianças com desenvolvimento normal. Métodos quarenta adultos, pais de crianças entre seis meses e 10 anos, foram divididos em quatro grupos, sendo pareados por idade, sexo, escolaridade e idade da criança. Cada participante completou o questionário em duas ocasiões, com intervalo de sete a dez dias, nas versões: papel-caneta/papel-caneta (PP, papel-caneta/eletrônico (PE, eletrônico/eletrônico (EE, eletrônico/papel-caneta (EP. O PSI-SF apresenta 36 afirmações, divididas em três subescalas: Sofrimento Parental (SP; Interações Disfuncionais entre Pai e Criança (IDPC e Criança Difícil (CD. Para análise dos dados foram realizadas as correlações (Pearson e comparação da pontuação do PSI-SF intra e inter-grupos. Resultados foram obtidas correlações positivas fortes e médias e significantes entre a pontuação total e das subescalas do PSI-SF na primeira e segunda aplicação, para todos os grupos. Diferenças significantes foram observadas entre as médias das pontuações para o grupo PP (subescala “Criança Difícil”; e grupo EE (subescala “Criança Difícil”; e pontuação total. No entanto, tais diferenças de pontuação não alteraram a interpretação do resultado do questionário. Não houve diferença significante entre os grupos para as quatro subescalas analisadas, confirmando equivalência da variância entre os grupos. O estresse dos participantes, em todas as subescalas, recaiu dentro da normalidade. Conclusão a aplicação no formato eletrônico do questionário PSI-SF apresenta resultados semelhantes à aplicação papel e caneta. Os níveis de estresse observados foram considerados normais.

  6. O MOVIMENTO DOS TRABALHADORES RURAIS SEM- TERRA E O DIREITO FUNDAMENTAL AO TRABALHO DIGNO: UMA PESQUISA ETNOGRÁFICA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Matheus Felipe de Castro

    2015-07-01

    Full Text Available O presente artigo tem por tema o direito fundamental ao trabalho digno, com ênfase na sua dimensão de elemento constituinte da psique dos sujeitos inseridos numa sociedade de mercado e consumo, marcada por profundas disparidades sociais internas derivadas, em grande medida, de sua localização periférica e subdesenvolvida na economia-mundo. O referencial teórico da análise parte de uma leitura entre psicanálise marxismo, acerca da centralidade do trabalho na constituição psíquica do sujeito. Estas duas vertentes de pensamento são utilizadas a partir da observação desta temática na vida de trabalhadores rurais pertencentes a uma comunidade de agricultores sem-terra, na sua trajetória em bus- ca de trabalho. É da leitura cruzada entre esses dois autores, que ao fim lançam-se algumas reflexões sobre a trajetória vivida por Pedro e Clara, trabalhadores rurais, dedicados à agricultura fami- liar, que depois de um longo percurso em busca de trabalho, são hoje integrantes de um assentamento do msT, buscando refletir sobre o papel que essa trajetória pode exercer na efetivação do direito fundamental ao trabalho digno e na ampliação dos direitos subjetivos dos agentes envolvidos. O método de pesquisa foi o etnográfico, eis que os pesquisadores vivenciaram diretamente a realidade onde se inserem as personagens aqui descritas e o pro- cedimento de exposição a livre narrativa.

  7. APONTAMENTOS PARA UMA ECONOMIA POLÍTICA DO CU ENTRE TRABALHADORES SEXUAIS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Epitácio Nunes Souza Neto

    2015-12-01

    Full Text Available ResumoEmbasado em pesquisa etnográfica, o artigo reflete sobre posições identitárias de homens que comercializam prazeres sexuais nas ruas do centro do Recife. O ânus surge como símbolo maior da masculinidade dos varões do mercado do sexo. A partir de seu uso como mercadoria, diversificam-se as posições identitárias: boys ativos (nunca disponibilizam, boys bicha (facilmente disponibilizam e boys flex (negociam seu preço. Bem raro, pois seu uso como fonte de prazer desonra o homem, ele se torna símbolo de poder e subjugação nas relações que se estabelecem no mercado do sexo; sinalizador de virilidade e de mais-valia.

  8. Crescimento de combinações copa - porta-enxerto de citros sob estresse hídrico em casa de vegetação

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lauriane A. dos A. Soares

    2015-03-01

    Full Text Available Neste trabalho se propôs identificar combinações entre variedades copas e porta-enxertos que apresentem melhores respostas ao estresse hídrico, desde o crescimento inicial até o início da floração. Utilizou-se o delineamento experimental em blocos casualizados, em esquema fatorial (4 x 2 x 2, sendo quatro níveis de água [50, 75, 100 (testemunha e 125% da evapotranspiração real aplicados em duas variedades copa de citros enxertadas em dois porta-enxertos: limoeiro 'Cravo Santa Cruz' (Citrus limonia Osbeck e híbrido trifoliado HTR-069. A redução na lâmina de água aplicada comprometeu o crescimento em número de folhas, diâmetro de caule do porta-enxerto, diâmetro de caule na linha de enxertia e diâmetro de caule da copa tal como a fitomassa seca da parte aérea e da raiz. Para a condição de estresse hídrico mudas enxertadas em limoeiro 'Cravo' apresentaram melhor desenvolvimento quando irrigadas com lâminas correspondentes a 100 e 125% da evapotranspiração real. A limeira ácida 'Tahiti CNPMF-2001' apresentou maior produção de fitomassa seca da parte aérea e das raízes sob estresse hídrico. O híbrido HTR-069 determinou redução no tamanho das copas nele enxertadas.

  9. Termografia infravermelha da superfície ocular como indicador de estresse em suínos na fase de creche

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lina Fernanda Pulido-Rodríguez

    Full Text Available RESUMO: Desmama é uma fase crítica na vida do suíno devido a separação materna e a introdução de uma dieta seca. A termografia infravermelha medida na região ocular se mostra como um indicador confiável para a condição de estresse pontual de suínos. O objetivo deste estudo foi determinar a relação entre medidas de termografia infravermelha da superfície ocular e de cortisol em situações de estresse em leitões na pós desmama. Foram avaliados 66 leitões, uma vez por semana, durante sete semanas, em dois períodos do dia (7h e 15h com medidas de temperatura superficial ocular, temperatura superficial do dorso e amostras de saliva para determinação de cortisol salivar. A análise estatística contemplou os efeitos fixos de semana e período do dia e sua interação e correlações de Pearson para relação entre termografia ocular, temperatura superficial e cortisol a 5% de significância. Cortisol salivar não diferiu entre os períodos, mas foi superior nas três primeiras semanas após o desmame (P<0,05. Nas duas primeiras semanas após a desmama o cortisol apresentou correlação alta e positiva (P<0,05 com a temperatura ocular máxima (0,89 e a temperatura superficial do dorso (0,80. As duas temperaturas superficiais apresentaram uma associação moderada positiva (r=0,41; P<0,0001 durante todo o período experimental. Este estudo destaca que a temperatura de superfície ocular obtida por meio da termografia infravermelha pode ser um indicador de temperatura de superfície corporal e estado de bem-estar de leitões em fase de creche, além de ser um método não invasivo e de rápida mensuração. Entretanto, mais pesquisas são necessárias para aprofundar a relação entre temperatura ocular e cortisol durante estresse crônico.

  10. Efeitos do ácido ascórbico nos biomarcadores de estresse oxidativo em nadadores de elite

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Monike Garlipp-Picchi

    2013-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: O objetivo do estudo foi verificar os efeitos da oferta de vitamina C através de um suplemento alimentar e dieta rica em ácido ascórbico (AA no estresse oxidativo induzido pelo exercício. MÉTODOS: A amostra foi composta por 13 nadadores de elite (seis homens e sete mulheres com idades entre 18 e 26 anos. Os mesmos atletas foram submetidos a sessão de exercício agudo em três fases, com diferentes tratamentos: controle (C, dieta rica em AA (D e suplemento de AA (S, nas quais amostras de sangue foram colhidas antes, imediatamente após e 24 horas depois do exercício. Para comparação entre as fases e etapas foi utilizado o modelo de regressão linear com efeitos mistos. RESULTADOS: O consumo alimentar habitual de antioxidantes não foi diferente entre as fases, apenas a ingestão de AA foi maior na fase D e S em relação à fase C. O uso de dieta rica em AA favoreceu uma menor peroxidação lipídica, devido aos menores valores de hidroperóxidos lipídicos (FOX, diminuição da peroxidação após exercício, pela diminuição de substâncias reativas ao ácido tiobarbitúrico (TBARS e aumento dos níveis de vitamina C logo após o exercício. O uso de suplemento de AA também conteve a peroxidação lipídica após exercício e aumentou o poder antioxidante, devido aos maiores níveis de glutationa reduzida (GSH. Sem adição de AA os nadadores tiveram um maior dano hepático, pois apresentaram maiores níveis de transaminase-glutâmico-oxalacética (TGO, menores níveis de antioxidantes (vitamina C e GSH e aumento do ácido úrico. CONCLUSÃO: Assim, as mudanças observadas com a adição de AA à dieta de nadadores sugerem um importante papel deste micronutriente na defesa contra o estresse oxidativo induzido pelo exercício.

  11. ESTRESSE NO TRABALHO: ESTUDO COM GESTORES PÚBLICOS DO ESTADO DE MINAS GERAIS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lyovan Neves Maffia

    Full Text Available O objetivo deste trabalho consistiu em analisar o estresse no trabalho de gestores públicos que atuam nas secretarias de estado de Minas Gerais. A base teórica relacionada ao estresse ocupacional foi fundamentada em Zille (2005, Chanlat (2005, Cooper et al. (2002, 1988, Couto (1987 e Selye (1959. Em relação à gestão, baseou-se em OCDE (2010, Bresser-Pereira (2009, Madureira e Rodrigues (2006 e Davel e Melo (2005; Rezende (2002 e Marini (2002. Este trabalho pode ser classificado como um estudo descritivo, com abordagem quantitativa. Foram analisados 181 gestores das secretarias de estado de Minas Gerais, sendo que o Modelo Teórico de Explicação do Estresse Ocupacional em Gerentes (MTEG, desenvolvido por Zille (2005, foi a referência principal. Os softwares Excel e SPSS - Statistical Package for the Social Sciences foram utilizados para a análise dos dados. Os resultados evidenciaram que 26,0% dos gestores pesquisados apresentaram ausência de estresse ocupacional; 26,0%, nível de estresse leve a moderado; 43,0%, nível de estresse intenso; e 5,0% nível de estresse muito intenso. Foram identificadas as principais fontes de tensão excessivas existentes no ambiente de trabalho, os mecanismos de regulação mais utilizados pelos gestores públicos estaduais para enfrentar as situações tensionantes e os indicadores de impacto do estresse na produtividade dos gestores. Este estudo mostrou-se oportuno uma vez que há estudos sobre o estresse ocupacional em gestores da iniciativa privada, mas pouco se sabe sobre o impacto das reformas administrativas do serviço público na saúde laboral dos gestores. Os resultados deste trabalho apresentaram relação direta com outros estudos e espera-se que possa contribuir com o balizamento de projetos institucionais do estado de Minas Gerais para redução ou controle dos níveis de estresse ocupacional dos gestores.

  12. Influência da anestesia venosa total, entropia e laparoscopia sobre o estresse oxidativo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rogean Rodrigues Nunes

    2012-08-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Estudos recentes correlacionam mortalidade pós-operatória e anestésica, especialmente a profundidade anestésica e pressão arterial sistólica (PAS. O objetivo deste estudo foi avaliar os efeitos da profundidade da anestesia venosa total (AVT realizada com remifentanil e propofol com monitoração da entropia de resposta (RE sobre as concentrações sanguíneas dos marcadores do estresse oxidativo: TBARS e glutationa, durante operações pelo acesso vídeolaparoscópico. MÉTODO: Vinte pacientes adultas, ASA I, IMC 20-26 kg.m-2, idades entre 20 e 40 anos, foram aleatoriamente distribuidas em dois grupos iguais: Grupo I - submetidas a procedimento anestésico-cirúrgico com RE mantida entre 45 e 59 e Grupo II - submetidas a procedimento anestésico-cirúrgico com RE entre 30 e 44. Em ambos os grupos, a infusão de remifentanil e propofol foi controlada pelo sitio efetor (Se, ajustados para manter RE nos valores desejados (Grupos I e II e avaliando-se sempre a taxa de supressão (TS. As pacientes foram avaliadas em seis momentos: M1(imediatamente antes da indução anestésica, M2 (antes da intubação traqueal [IT], M3 (5 minutos após IT, M4 (imediatamente antes do pneumoperitônio-PPT, M5 (1 minuto após o PPT e M6 (uma hora após a operação. Em todos os momentos foram avaliados os seguintes parâmetros: PAS, PAD, FC, RE, TS, TBARS e glutationa. RESULTADOS: Observaram-se aumentos no TBARS e glutationa em M5, tanto no Grupo I como no Grupo II (p GI em M5 - p < 0,05% sugerem interferência de mais um fator (anestesia profunda, como responsável pelo aumento no MA, provavelmente como resultados de maior depressão do sistema nervoso autônomo e menor autorregulação esplâncnica.

  13. Depressão em trabalhadores de linhas elétricas de alta tensão Depression in high voltage power line workers

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Suerda Fortaleza de Souza

    2012-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Investigar a associação entre desequilíbrio esforços-recompensas no trabalho e sintomas depressivos em trabalhadores de linhas elétricas de alta tensão. MÉTODOS: Estudo de corte transversal realizado em 158 trabalhadores de uma empresa de energia elétrica no Nordeste do Brasil. As dimensões do modelo esforço-recompensa (ERI constituíram as variáveis independentes principais e a variável resposta foi depressão, medida pela escala Center for Epidemiologic Studies Depression (CES-D. Os dados foram analisados com técnicas de regressão logística múltipla. RESULTADOS: Trabalhadores no grupo de baixa recompensa apresentaram prevalência de depressão 6,2 vezes maior em relação àqueles no grupo de alta recompensa. A prevalência de depressão foi 3,3 vezes maior entre os trabalhadores em condição de desequilíbrio esforço-recompensa do que entre aqueles em situação de equilíbrio. CONCLUSÕES: A prevalência de depressão estava fortemente associada às dimensões de esforços e recompensas presentes no trabalho dos eletricitários.OBJECTIVE: To investigate the association between effort-reward imbalance and depressive symptoms among workers in high voltage power lines. METHODS: A cross-sectional study among 158 workers from an electric power company in Northeast Brazil. The main independent variables were the Effort-Reward Imbalance Model (ERI dimensions and the main dependent variable was the prevalence of depression, as measured by the Center for Epidemiologic Studies Depression (CES-D scale. Data were analyzed by multiple logistic regression techniques. RESULTS: The group of low reward workers presented a depression prevalence rate 6.2 times greater than those in the high reward group. The depression prevalence rate was 3.3 greater in workers in the situation of imbalanced effort-reward than in those in effort-reward equilibrium. CONCLUSIONS: The prevalence of depression was strongly associated with psychosocial

  14. Caracterização das atividades educativas de trabalhadores de enfermagem na ótica da educação permanente

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriana Marques da Silva

    2009-09-01

    Full Text Available Este estudo discute a reciprocidade entre práticas de saúde e educativas e objetiva caracterizar os trabalhadores deenfermagem e suas atividades educativas em região do município de São Paulo. Estudo exploratório-descritivoquantitativo, realizado em 18 serviços de saúde entre 2005/2006, cuja coleta de dados foi feita por meio de entrevistae aplicação de dois formulários. Identificou-se que 84,8% dos trabalhadores de enfermagem atuam nos hospitais epronto socorro (PS; 22,5% são enfermeiros, 15,2%, técnicos de enfermagem (TE e 62,3%, auxiliares deenfermagem (AE. Das 245 ações educativas mapeadas, 78,4% são realizadas nos hospitais e PS,predominantemente, focadas na recuperação da saúde; 46,9% estão direcionadas aos enfermeiros, 39,6% aosenfermeiros, TE e AE e 13,5%, aos TE e AE; 21,2% ações utilizam estratégias tradicionais de ensino e 15,1%, asparticipativas; 69% têm duração de 01-20h; 55,5% são realizadas fora do serviço. Apesar de predominar atividadeseducativas voltadas aos enfermeiros, orientadas para recuperação da saúde, com utilização de estratégias de ensinotradicionais, a presença de ações ancoradas no cotidiano de trabalho, remete à concepção de educação permanente eassinala possibilidades de mudança da abordagem das práticas educativas de trabalhadores na perspectiva daintegralidade da saúde e do cuidado integral de enfermagem.

  15. Acidente com material biológico no atendimento pré-hospitalar móvel: realidade para trabalhadores da saúde e não saúde

    OpenAIRE

    Tipple, Anaclara Ferreira Veiga; Silva, Elisangelo Aparecido Costa; Teles, Sheila Araújo; Mendonça, Katiane Martins; Souza, Adenícia Custódia Silva e; Melo, Dulcelene Sousa

    2013-01-01

    Estudo analítico transversal, com objetivos de identificar a prevalência e caracterizar os acidentes com material biológico entre profissionais do Atendimento Pré-Hospitalar (APH) e comparar os comportamentos de risco adotados entre os grupos saúde e não saúde que podem influenciar na ocorrência e na gravidade destes acidentes. Dados foram obtidos por meio de questionário aplicado a todos os trabalhadores do APH de Goiânia - GO. Verificou-se alta prevalência de acidentes envolvendo material b...

  16. Estresse e estratégias de enfrentamento em mestrandos de ciências da saúde Stress and coping strategies of master's-level health sciences students

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    André Faro Santos

    2007-01-01

    Full Text Available A pesquisa objetivou conhecer a ocorrência de estresse em 27 mestrandos em ciências da saúde da Universidade Federal de Sergipe, sendo 16 mulheres e 11 homens. Buscou-se também delinear as estratégias de enfrentamento utilizadas para lidar com o estresse e os estressores percebidos na pós-graduação. Utilizou-se o Inventário de Sintomas de Stress para Adultos de Lipp, a Escala de Modos de Enfrentamento de Problemas e um questionário sobre possíveis estressores. Os resultados mostraram que 40,7% dos sujeitos apresentaram estresse e houve associação entre estresse e sexo (pThis research had the objective to examine the occurrence of stress among 27 master students of health sciences of the Universidade Federal de Sergipe [Federal University of Sergipe], of which 16 were women and 11 were men. And, it also sought to delineate the coping strategies used to deal with the stress and the stressors perceived by the graduate students. Lipp's Stress Symptoms for Adults Inventory, the Ways to Confront Problems Scale and a questionary about possible stressors were used. The results indicated that 40,7% of subjects had stress and that there was an association between stress and sex (p<0,05, showing that women were more vulnerable to stress. The association between sex and the main coping strategies used by the participants that didn't have stress (p<0,05 was verified, showing that focalizing on the problem was a more frequent strategy among men. We believe that more investigation on this topic is important, because the performance of master level students may be influenced by the stress during graduate education.

  17. "Quem é mais útil ao país: aquele que planta ou o que fica na cidade só comendo?": os trabalhadores rurais fluminenses e a luta por desapropriação de terras (1962-1963

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Felipe Augusto dos Santos Ribeiro

    2015-12-01

    Full Text Available Resumo Este artigo pretende analisar as formas de mobilização de um grupo de trabalhadores rurais frente às constantes ameaças de despejo, entre os anos de 1962 e 63. As terras em questão, localizadas no município de Magé (RJ, eram ocupadas por posseiros e vinham sendo reivindicadas como propriedade da Companhia América Fabril, que mantinha duas unidades têxteis nas redondezas. Desse modo, pretendemos identificar as principais reivindicações e propostas desses trabalhadores, que adquiriram maior visibilidade a partir da repercussão das passeatas que realizaram em Niterói, então capital do estado do Rio de Janeiro.

  18. Profilaxia para úlcera de estresse em pacientes internados em UTI pediátrica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Taisa E. Araujo

    2010-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a utilização de profilaxia para úlcera de estresse (UE, em pacientes internados, de cinco unidades de terapia intensiva pediátrica (UTIP de Porto Alegre (RS. MÉTODOS: Estudo multicêntrico, prospectivo, transversal, observacional. Foram avaliados os prontuários dos pacientes internados em dia definido para visitação, entre abril de 2006 e fevereiro de 2007, excluindo os avaliados em visitas anteriores e aqueles com hemorragia digestiva alta na admissão. Foram avaliados a idade, o gênero, o diagnóstico na admissão, a gravidade da doença, o uso de profilaxia para UE, a sua justificativa e o medicamento profilático utilizado como primeira escolha. As variáveis foram descritas como frequências absoluta e relativa, ou média e desvio padrão/mediana, e intervalo interquartil (IQ. Os testes qui-quadrado de Pearson, de tendência linear, ou exato de Fisher foram utilizados para avaliar as associações. O nível de significância adotado foi de 5%, sendo estatisticamente significativo p < 0,05. RESULTADOS: Foram avaliados 398 pacientes, sendo 57% do gênero masculino. A mediana de idade foi de 16 meses (IQ4-65 e mediana de permanência em UTIP foi de 4 dias (IQ1-9. O principal motivo de internação foi doença respiratória (32,7%. Usaram profilaxia 77,5% dos pacientes, variando de 66 a 91%; a ventilação mecânica (22,3% foi a justificativa mais prevalente, seguida de rotina informal do serviço (21,4%. Apenas uma das UTIP tinha protocolo assistencial para profilaxia de UE. A ranitidina foi o medicamento mais empregado (84,5%. CONCLUSÕES: O uso de profilaxia para UE foi prática frequente nas UTIP avaliadas, sendo a ranitidina a droga de escolha. Entre as justificativas, a ventilação mecânica e o uso baseado em rotinas institucionais foram as mais prevalentes.

  19. Condutas de risco à saúde e indicadores de estresse psicossocial em adolescentes estudantes do Ensino Médio Health risk behaviors and psychosocial distress indicators in high school students

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Priscila Diniz de Carvalho

    2011-11-01

    Full Text Available O objetivo deste artigo foi analisar a associação entre condutas de risco à saúde (tabagismo, consumo de bebidas alcoólicas e uso de drogas e indicadores de estresse psicossocial em adolescentes estudantes do ensino médio. A pesquisa foi realizada com amostra constituída por 4.210 adolescentes estudantes de escolas públicas do Estado de Pernambuco, Brasil. O Global School-based Student Health Survey foi usado para coletar dados pessoais (demográficos e socioeconômicos e comportamentais, e para obter medidas dos indicadores de estresse psicossocial (variáveis desfecho. Foram observadas prevalências de tristeza, sentimento de solidão, pensamento de suicídio, dificuldade para dormir devido à preocupação e planos de suicídio. Tabagismo, consumo de bebidas alcoólicas e uso de drogas foi relatado, respectivamente, por 7,7%, 30,3% e 6,9%. As prevalências de indicadores de estresse psicossocial foram maiores entre as moças, e as prevalências de exposição a condutas de risco à saúde foram maiores entre os rapazes. Concluiu-se com o estudo que o uso de drogas está diretamente associado ao pensamento e plano de suicídio e, entre as moças, o consumo de bebidas alcoólicas foi um fator associado ao estresse psicossocial.The purpose of this article was to examine the association between health risk behaviors (tobacco, alcohol, and drug use and psychosocial distress indicators among high school students. The sample consisted of 4,210 adolescent students from public schools in Pernambuco State, Brazil. The Global School-based Student Health Survey was used to collect personal (demographic and socioeconomic and behavioral data and to obtain measures of psychosocial distress indicators (outcome variables. Prevalence rates were observed for sadness, loneliness, suicidal ideation, sleeplessness due to worries, and suicidal planning. Self-reported prevalence rates for tobacco, alcohol, and drug use were 7.7%, 30.3%, and 6

  20. Preliminary study about occupational stress of physicians and nurses in pediatric and neonatal intensive care units: the balance between effort and reward Estudio preliminar sobre el estrés ocupacional de médicos y enfermeros en UTI pediátrica y neonatal: el equilibrio entre esfuerzo y recompensa Estudo preliminar sobre o estresse ocupacional de médicos e enfermeiros em UTI pediátrica e neonatal: o equilíbrio entre esforço e recompensa

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Monalisa de Cássia Fogaça

    2010-02-01

    Full Text Available This study compared the balance between effort (E and reward (R among physicians and nurses working in pediatric (PED and neonatal (NEO Intensive Care Units. This descriptive cross-sectional study was carried out with 37 physicians and 20 nurses. The Effort-Reward Imbalance Questionnaire was used. Statistically significant differences were not found among physicians (p>0.05 or nurses from PED and NEO in relation to E and R (p>0.05. No statistically significant differences were found between physicians and nurses in PED in the several studied variables. Comparison between the professionals working in NEO revealed that physicians presented more over-commitment than nurses (p=0.01. The organizational setting of NEO proved to be more demanding for physicians, exacting a greater commitment to their work, while demands presented in both units seemed to be the same for nurses.El objetivo del estudio fue comparar el equilibrio entre esfuerzo (E y recompensa (R entre médicos de unidades de terapia intensiva pediátrica (PED y neonatal (NEO y entre enfermeros de las mismas unidades. Este es estudio transversal descriptivo con 37 médicos y 20 enfermeros. El cuestionario Effort-Reward Imbalance fue utilizado. No se encontraron diferencias estadísticas entre médicos de la PED y de la NEO en relación al E y R (p>0,05. De la misma forma, enfermeros de la PED y de la NEO no tuvieron diferencias estadísticas en relación al E y R (p>0,05. Comparando médicos con enfermeros de la PED, no fueron encontradas diferencias entre las variables estudiadas. En relación a la comparación hecha entre profesionales de la NEO, se encontró un mayor súper compromiso de médicos de que de enfermeros (p=0,01. El ambiente organizacional de la NEO se mostró más exigente para los médicos, determinando mayor compromiso con el trabajo, en cuanto que, para los enfermeros de ambas unidades, la demanda pareció ser la misma.O objetivo do estudo foi comparar o equil

  1. Trabalho, saúde e migração nos canaviais da região de Ribeirão Preto (SP, Brasil: o que percebem e sentem os jovens trabalhadores?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    André de Mello Galiano

    Full Text Available A migração de jovens do nordeste brasileiro em busca de emprego na região Sudeste é historicamente recorrente. Este estudo objetivou compreender como jovens trabalhadores foram atraídos para o corte de cana-de-açúcar na região de Ribeirão Preto (SP e conhecer como percebiam suas condições de trabalho e suas repercussões em sua saúde. Na pesquisa, de abordagem qualitativa, foram entrevistados 14 trabalhadores migrantes do Maranhão, de ambos os sexos, com idades entre 18 e 24 anos, entre julho de 2008 e maio de 2009. Os relatos obtidos indicaram que a migração dos jovens trabalhadores em busca de trabalho não foi uma opção, mas a única alternativa frente à realidade na região de origem. Revelaram sentimento de frustração quando perceberam que o trabalho real era bem diferente do imaginado. Os jovens apresentaram desesperança quanto às suas perspectivas de futuro e demonstraram preocupação com as possíveis consequências para sua saúde. Apesar de explicitar desapontamento com a realidade, manifestaram intenção de retorno para as lavouras da cana em outras safras, mostrando conformismo com sua realidade social. O estudo possibilitou aprofundar conhecimentos acerca da exploração da força de trabalho empregada na cultura da cana-de-açúcar na maior região produtora do país, mostrando que os trabalhadores percebem como precárias e desgastantes as condições a que são submetidos.

  2. Doença do disco intervertebral em trabalhadores da perfuração de petróleo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernandes Rita de Cássia Pereira

    2000-01-01

    Full Text Available Estudo transversal em 1.026 trabalhadores em distrito de perfuração de petróleo do Nordeste brasileiro mostrou prevalência global de doença do disco intervertebral lombar de 5%, variando de 1,8% (atividades sem manuseio de carga, 4,5% (manuseio ocasional até 7,2% (manuseio habitual. Tal prevalência foi de 11,4% em operadores de sonda de perfuração de petróleo com mais de 40 anos de idade e de 10,5% naqueles com mais de 15 anos de empresa. A razão de prevalência (R.P. à associação entre trabalho em operação de sonda e doença do disco foi 2,3 (I.C. 95%: 1,3, 4,0. Para minimizar o efeito sobrevivência do trabalhador sadio foram usadas informações retrospectivas acerca da exposição. A informação referente à ocupação atual em lugar do histórico ocupacional resultaria em RP subestimada de 1,1 (I.C. 95%: 0,6, 1,9. A regressão logística ratificou os achados da análise tabular. Não houve confundimento nem interação. O incremento da indústria de petróleo no país e as alterações na gestão e contratação da força de trabalho implicam mudanças no gerenciamento de risco e controle de saúde, além de pronta intervenção ergonômica para controle da doença.

  3. Doença do disco intervertebral em trabalhadores da perfuração de petróleo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rita de Cássia Pereira Fernandes

    2000-09-01

    Full Text Available Estudo transversal em 1.026 trabalhadores em distrito de perfuração de petróleo do Nordeste brasileiro mostrou prevalência global de doença do disco intervertebral lombar de 5%, variando de 1,8% (atividades sem manuseio de carga, 4,5% (manuseio ocasional até 7,2% (manuseio habitual. Tal prevalência foi de 11,4% em operadores de sonda de perfuração de petróleo com mais de 40 anos de idade e de 10,5% naqueles com mais de 15 anos de empresa. A razão de prevalência (R.P. à associação entre trabalho em operação de sonda e doença do disco foi 2,3 (I.C. 95%: 1,3, 4,0. Para minimizar o efeito sobrevivência do trabalhador sadio foram usadas informações retrospectivas acerca da exposição. A informação referente à ocupação atual em lugar do histórico ocupacional resultaria em RP subestimada de 1,1 (I.C. 95%: 0,6, 1,9. A regressão logística ratificou os achados da análise tabular. Não houve confundimento nem interação. O incremento da indústria de petróleo no país e as alterações na gestão e contratação da força de trabalho implicam mudanças no gerenciamento de risco e controle de saúde, além de pronta intervenção ergonômica para controle da doença.

  4. Aspectos da morfofuncionalidade cardiovascular, variabilidade cardíaca e do estresse oxidativo em diferentes modelos experimentais de hiper-homocisteinemia

    OpenAIRE

    Roberta Hack Mendes

    2009-01-01

    Com base na relevância das doenças cardiovasculares para a saúde pública mundial, buscamos entender as associações entre o metabolismo da homocisteína (Hcy) e este sistema, o estresse oxidativo (EO) e a possível influência da modulação do sistema nervoso simpático (SNS) sobre esta associação. Além disso, testamos o efeito da vitamina B6 sobre a função cardíaca e o EO. Para isso foram realizados dois experimentos: no primeiro testamos dois modelos de hiper-homocisteinemia (Hhe): o tratamento c...

  5. Impacto do estresse crônico associado a um modelo de obesidade sobre atividades comportamentais e marcadores hormonais e bioquímicos

    OpenAIRE

    Cleverson Moraes de Oliveira

    2013-01-01

    Introdução: O ciclo sono-vigília, a alimentação e o metabolismo de lipídios e de glicose estão sujeitos à regulação circadiana a qual visa sincronizar a energia disponível e o gasto necessário para mudanças no meio externo de acordo com a fase claro-escuro. O desajuste do ritmo circadiano pode ser fator causal para uma relação positiva entre o trabalho noturno e obesidade. A exposição ao estresse crônico devido à liberação de glicocorticóides provoca distribuição anômala de gordura, principal...

  6. Transtorno de estresse pós-traumático como acidente de trabalho em um bancário: relato de um caso

    OpenAIRE

    Bucasio, Erika; Vieira, Isabela; Berger, William; Martins, Dulcéa; Souza, Carmelita; Maia, Deborah; Figueira, Ivan; Jardim, Sílvia

    2005-01-01

    Este artigo relata o caso de um gerente de banco atendido por uma equipe multidisciplinar através de anamnese psiquiátrica e ocupacional e aplicação de entrevista psiquiátrica semi-estruturada (SCID) para transtorno de estresse pós-traumático (TEPT). O objetivo do artigo é exemplificar, com um caso clínico, as relações entre o TEPT e eventos traumáticos ocorridos no trabalho, demonstrando que o TEPT pode ser uma conseqüência de acidente de trabalho bancário. A visão do TEPT como doença ocupac...

  7. PARTICIPAÇÃO SOCIAL, VIGILÂNCIA EM SAÚDE DO TRABALHADOR E SERVIÇO PÚBLICO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kátia Reis de Souza

    Full Text Available Este ensaio busca contribuir para a construção de uma modalidade participativa e dialógica de vigilância em saúde para os locais de trabalho, notadamente para o serviço público federal. Nele desenvolve-se uma reflexão com base na revisão da literatura especializada e foco na legislação e na política em vigor no país. Constata-se que as conquistas históricas realizadas no âmbito dos movimentos sociais de trabalhadores propiciam a produção de novas relações entre o Estado e a sociedade, favorecendo o aparecimento de espaços participativos nas instituições públicas. Além disso, evidencia-se a necessidade capital da organização de comissões de saúde do trabalhador por locais de trabalho como forma elementar de implantação da política de vigilância em saúde nos ambientes laborais. Por fim, sob a égide do campo da educação crítica, apresentam-se alguns preceitos do aporte teórico da pedagogia freiriana para que sirvam de base à criação de espaços de fala e escuta no trabalho. Defende-se a ideia de que o diálogo e a participação são os fundamentos educativos de uma perspectiva democrática de vigilância em saúde do trabalhador.

  8. Análise de riscos tecnológicos ambientais: perspectivas para o campo da saúde do trabalhador

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Porto Marcelo Firpo de Souza

    1997-01-01

    Full Text Available O objetivo deste artigo é trazer para o âmbito da saúde pública, particularmente para o campo da Saúde do Trabalhador, questões teóricas e desafios colocados pelos denominados riscos tecnológicos ambientais, os quais se relacionam e ultrapassam o universo dos ambientes de trabalho. Partindo-se dos riscos químicos industriais, demonstra-se a vulnerabilidade das sociedades contemporâneas face aos mesmos e seu agravamento nos países de economia periférica. Em seguida, apresenta-se o escopo das análises de riscos pelas vertentes da engenharia, toxicologia e epidemiologia, bem como a crítica que as ciências sociais vem realizando sobre as mesmas. Conclui-se que a Ciência não é capaz de dar conta isoladamente de problemas complexos como os riscos tecnológicos ambientais. Para se avançar sobre esses limites, diversas propostas integradoras do nível teórico-metodológico vêm sendo desenvolvidas nos campos da análise de riscos e da saúde do trabalhador. Dentre estas, destacam-se aquelas sobre interdisciplinaridade, abordagens sistêmicas e participativas, que incorporam o saber dos trabalhadores e comunidades, forjando a interação entre conhecimento e diálogo como condição fundamental da prevenção e controle dos riscos tecnológicos ambientais.

  9. A ação do imperialismo na reprodução do corporativismo nos sindicatos dos trabalhadores em educação

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marilsa Miranda de Souza

    2015-12-01

    Full Text Available Este artigo é resultado do desenvolvimento da pesquisa “O corporativismo sindical como elemento de sustentação das relações semicoloniais e semifeudais na educação brasileira” que teve como objetivo analisar as relações estabelecidas entre dois sindicatos rondonienses, o sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado de Rondônia - SINTERO e o Sindicato dos Servidores Públicos da Zona da Mata - SINSEZMAT com seus filiados e com o Estado, o processo de organização sindical no Brasil e sua submissão às políticas educacionais formuladas pelo imperialismo para suas semicolônias identificando os aspectos do corporativismo e suas consequências no processo de organização dos trabalhadores em Educação e no desenvolvimento da luta de classes na atualidade. Utilizamos o método do materialismo histórico-dialético por meio do qual buscamos interpretar a realidade a partir de suas categorias básicas que permitiu compreender o sindicato como aparelho ideológico do Estado a serviço da grande burguesia e do imperialismo na atualidade. A pesquisa demonstrou a precarização do trabalho e a desvalorização dos trabalhadores em Educação em Rondônia, o descrédito dos entrevistados em relação aos sindicatos e a necessidade construir sindicatos classistas que contribuam para o avanço da luta revolucionária.

  10. Ginástica Laboral: efeitos de um programa de ginástica laboral sobre a flexibilidade em trabalhadores de diversos setores de um hospital de ensino da região do Vale do Rio Pardo/RS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Andréa Mattos de Andrade

    2015-12-01

    Full Text Available A Ginástica Laboral (GL é uma atividade física realizada durante a jornada de trabalho, com exercício de compensação aos movimentos repetitivos, à ausência de movimentos, ou a posturas desconfortáveis assumidas durante o período de trabalho. Objetivo: verificar possíveis efeitos de um programa de GL sobre a flexibilidade em trabalhadores de diversos setores de um hospital de ensino da região do Vale do Rio Pardo/RS. Método: estudo semi-experimental realizado em diversos setores de um hospital, de março de 2014 a maio 2015, em que foram avaliados 42 indivíduos, do sexo feminino, com idade entre 22 e 58 anos, que participavam do programa de GL. Para a coleta de dados, foi aplicado o teste sentar e alcançar (sit and reach e o teste do manguito rotador (ombro direito e esquerdo em três momentos: 1 (antes da intervenção com GL; 2 (logo após o término da intervenção e 3 (quatro meses, após a intervenção. Resultados: a flexibilidade diferiu na comparação entre os momentos 1 e 2 e entre os momentos 1 e 3, em todos os testes aplicados, demonstrando que o programa de GL melhorou os níveis de flexibilidade dos trabalhadores. Não foi observada diferença significativa entre os momentos 2 e 3. Considerações finais: o programa de GL melhorou os níveis de flexibilidade dos trabalhadores, mantendo esses níveis semelhantes seis meses após o término da intervenção.

  11. Stress in nurses working in intensive care units El estrés de los enfermeros que actúan en una unidad de terapia intensiva Estresse de enfermeiros com atuação em unidade de terapia intensiva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Maria Cavalheiro

    2008-02-01

    factores pertinentes al sector, generando insatisfacción con la profesión y presentando síntomas correlacionados al estrés.O presente estudo teve como objetivos identificar a presença de estresse em enfermeiros que trabalham em unidades de terapia intensiva, identificar os agentes estressores e sintomas associados à percepção do enfermeiro ao estresse e avaliar a correlação entre a presença de estresse, fontes de estresse e sintomas apresentados pelos enfermeiros. Setenta e cinco enfermeiros participaram do estudo. Os dados foram obtidos por questionário. A analise foi realizada através do uso de coeficientes de correlação de Pearson e ajustados modelos lineares generalizados. O estudo mostrou a presença de estresse correlacionado à insatisfação com o trabalho, atividades consideradas como situações críticas em unidade de terapia intensiva, os sintomas relacionados às alterações cardiovasculares, aparelho digestivo e músculo-esquelético. A compreensão final é que o estresse está presente na atividade do enfermeiro em unidade de terapia intensiva, correlacionado com fatores pertinentes ao setor, gerando insatisfação com a profissão e sintomas ligados ao estresse.

  12. Passado e presente na formação de trabalhadores jovens e adultos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Margarida Machado

    2013-05-01

    Full Text Available O texto apresenta conclusões parciais de estudos que buscam os sentidos e significados produzidos, no contexto da educação brasileira, para as relações que se estabeleceram entre a educação de jovens e adultos (EJA e a qualificação profissional, em programas implementados pelo governo federal. Neste artigo, partindo da investigação que identificou diversas ações, projetos e programas federais das últimas seis décadas, optamos por apresentar uma análise de concepções e princípios expressos em dois programas implementados, em contextos diferenciados: o primeiro consolidado na Ditadura Militar, o Programa Intensivo de Preparação da Mão-de-Obra (PIPMO; o segundo, no atual governo federal, o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (PRONATEC. Identifica-se, na relação passado e presente dos programas analisados, duas tendências constitutivas de suas lógicas: a primeira trata-se da reedição da privatização do público pelo financiamento das ações de qualificação profissional na iniciativa privada e a segunda repõe a negação da oferta de uma educação integral, com a permanência de cursos de qualificação isolados da escolarização para maioria dos jovens e adultos, o que nos faz concluir que está distante a efetivação da educação como direito e da qualificação profissional na perspectiva da formação humana integral dos trabalhadores.

  13. Profissionais de saúde mental: estresse e estressores ocupacionais stress e estressores ocupacionais em saúde mental Profesionales de la salud mental: estrés y estresores ocupacionalesestrés y estresores ocupacionales en salud mental Mental health professionals: stress and occupational stressors stress and occupational stressors of mental health

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Flávia de Oliveira Santos

    2010-06-01

    Full Text Available Os profissionais de saúde mental se encontram particularmente vulneráveis ao estresse, em vista das características do trabalho que desempenham. O objetivo do estudo foi avaliar manifestações de estresse, autopercepção de estresse e fatores estressantes do trabalho em profissionais de serviços substitutivos de saúde mental. Participaram 25 trabalhadores com pelo menos seis meses de atuação profissional. Aplicaram-se os instrumentos Inventário de Sintomas de Estresse para Adultos de Lipp e Roteiro Complementar. Os dados quantitativos foram tratados por meio de estatística descritiva, e os demais, analisados qualitativamente. Verificou-se que 36,0% dos profissionais apresentavam manifestação de estresse e que 44,0% deles se percebiam sob estresse. Condições de trabalho e relacionamento no trabalho foram os fatores mais frequentemente associados à percepção de estar sob estresse. Concluiu-se que os profissionais vivenciam estressores associados às mudanças relativas ao paradigma psicossocial de atenção, o que mostra a necessidade de intervenção direcionada ao desenvolvimento de estratégias de enfrentamento às situações ocupacionais estressoras.Los profesionales de la salud mental se encuentran particularmente vulnerables al estrés, teniendo en vista las características del trabajo que desempeñan. El objetivo del estudio fue evaluar manifestación de estrés, auto percepción de estrés y factores estresantes del trabajo en profesionales de servicios sustitutivos de salud mental. Participaron 25 trabajadores actuantes hace por lo menos seis meses. Se aplicaron los instrumentos Inventario de Síntomas de Estrés para Adultos de Lipp y Guión Complementario. Los datos cuantitativos fueron tratados por medio de estadística descriptiva y los demás, analizados cualitativamente. Se verificaron 36,0% de los profesionales con manifestación de estrés y 44,0% percibiéndose bajo estrés. Condiciones de trabajo y relaci

  14. Ideologia gerencialista e subjetividade do trabalhador no terceiro setor

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mário Ibraim Salimon

    2013-12-01

    Full Text Available Neste artigo, trata-se o impacto de reestruturações de cunho gerencialista sobre a subjetividade de trabalhadores em organizações ambientalistas do terceiro setor historicamente ligadas à benemerência, ao humanismo e à luta por direitos. O crescimento dessa população organizacional tem gerado competição por recursos, com a consequente busca por sistemas e modelos gerenciais que possam viabilizar a sobrevivência de cada organização via vantagens comparativas associadas à eficácia, à eficiência, à efetividade e ao posicionamento de marca. Nesse contexto, percebe-se uma crescente adoção de modelos importados do segundo setor - privado de interesse privado. Elementos característicos do gerencialismo, tais como intensificação e aceleração do trabalho, precarização das relações trabalhistas e primazia do determinismo econômico, são também assimilados no processo. Investe-se no culto à excelência e na mobilização psíquica do sujeito como formas de se enquadrar a pessoa como ativo estratégico da organização. As práticas decorrentes chocam-se com os valores humanistas geralmente vigentes no terceiro setor, causando conflitos de racionalidade e intrapsíquicos. Desenvolveu-se pesquisa qualitativa e exploratória, baseada em entrevistas com profissionais de quatro organizações ambientais de relevo no País, para fazer emergir, por meio da análise do discurso, a percepção dos sujeitos sobre o fenômeno em questão. Os resultados mostram que a ideologia gerencialista foi, pelo menos nos casos estudados, assimilada pelo trabalhador, que as relações de trabalho estão se precarizando em nome da rentabilidade financeira dos investimentos na organização, que as estratégias de defesa e adesão implicam sofrimento subjetivo e que o terceiro setor se distancia crescentemente de sua identidade histórica de esfera de agenciamento marcada por uma racionalidade substantiva.

  15. Sintomas de estresse e estratégias de coping em idosos saudáveis Síntomas de estrés y estrategias de coping en ancianos saludables Stress symptoms and coping strategies in healthy elderly subjects

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliana Nery de Souza Talarico

    2009-12-01

    Full Text Available Idosos podem manifestar sintomas de estresse em decorrência das mudanças biopsicossociais do envelhecimento. O objetivo deste estudo foi identificar sintomas de estresse em idosos e o estilo de coping utilizado por eles, verificando a relação entre estas variáveis. Foram aplicados a Lista de Sintomas de Stress (LSS e o Inventário de Coping de Jalowiec, em 41 idosos saudáveis. Os idosos apresentaram sintomas de estresse, com intensidade média de 42.8 pontos. Observou-se predomínio do coping focado no problema, porém não houve diferença significativa entre as médias dos escores do LSS entre os indivíduos que utilizaram coping focado no problema ou na emoção (p=0.737. Neste estudo, embora os idosos tendessem a eleger o coping focado no problema, a intensidade dos sintomas de estresse independeu do tipo de coping utilizado, evidenciando que tanto o coping focado no problema como o focado na emoção estão associados a níveis semelhantes de estresse.Los ancianos pueden manifestar síntomas de estrés como consecuencia de los cambios biopsicosociales del envejecimiento. El objetivo de este estudio fue identificar síntomas de estrés en ancianos y el estilo de coping utilizado por ellos, verificando la relación entre estas variables. Fueron aplicados la Lista de Síntomas de Estrés (LSS y el Inventario de Coping de Jalowiec, en 41 ancianos saludables. Los ancianos presentaron síntomas de estrés, con intensidad promedio de 42.8 pontos. Se observó el predominio del coping enfocado en el problema, sin embargo no hubo diferencia significativa entre los promedios de los puntajes del LSS entre los individuos que utilizaron el coping enfocado en el problema o en la emoción (p = 0.737. En este estudio, a pesar de que los ancianos tendieron a escoger el coping enfocado en el problema, la intensidad de los síntomas de estrés fue independiente del tipo de coping utilizado, evidenciando que tanto el coping enfocado en el problema como el

  16. Abuso físico infantil: analisando o estresse parental e o apoio social

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lílian Paula D. Bérgamo

    Full Text Available Verificou-se se o estresse parental e o apoio social relacionar-se-iam ao abuso físico infantil, comparando-se G1 - cuidadores notificados por abusos, e G2 - não-agressores. Utilizou-se um Questionário de caracterização socio-demográfica e econômica e um sobre Apoio Social e o Índice de Estresse Parental. Obteve-se diferença significativa no escore geral de estresse e na dimensão Criança Difícil, com G1 vivenciando mais estresse. Ademais, G1 apresentou menor nível de apoio, no geral e nas dimensões Afetiva e de Interação Social Positiva. G1 também relatou menos satisfação com o bairro de residência e, em média, era mais jovem quando do nascimento do primeiro filho. Essas variáveis devem receber investimentos em programas de prevenção e de tratamento dirigidos a tal problemática.

  17. Participação dos trabalhadores: um estudo sobre as práticas e as representações em uma organização participativa

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Coutinho Maria Chalfin

    2002-01-01

    Full Text Available Este artigo descreve e analisa as relações entre as práticas participativas e as representações sobre participação de trabalhadores de uma organização participativa. Foram realizadas observações em três fábricas de um grupo industrial catarinense e entrevistados 43 trabalhadores de três categorias profissionais que exercem atividades diretamente ligadas à produção. A partir da análise de conteúdo dos dados coletados, foi possível constatar que os trabalhadores têm possibilidades bastante limitadas de participar, sendo tais limites mais acentuados quanto menor o nível hierárquico. Observou-se, ainda, que os entrevistados tendem a incorporar em suas representações sobre participação as limitações de sua experiência concreta no trabalho.

  18. Política de saúde do trabalhador no Brasil: muitas questões sem respostas National worker's health policy: many questions without answers

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Helena B. de Oliveira

    1992-06-01

    Full Text Available Este artigo enfoca a Política Nacional de Saúde do Trabalhador, na perspectiva da expressão do descaso que esta representa frente ao quadro dramático de morbi-mortalidade da classe trabalhadora brasileira. Indica os principais problemas que a política apresenta, destacando questões como a subnotificação das doenças profissionais e dos acidentes de trabalho; a competência das ações, denunciando a fragmentação de responsabilidades a partir da existência de diversas instituições e órgãos com atribuições de intervenção na área; a forma marginal, historicamente estabelecida, como é tratada a Política de Saúde do Trabalhador no contexto da Política Nacional de Saúde; as dificuldades na formação de recursos humanos, entre outras. Aponta para a necessidade de uma política que assegure aos trabalhadores brasileiros a transformação real do grave quadro de mortes e doenças em que encontram-se submetidos, desencadeando processos preventivos de fato, a partir da reestruturação dos processos produtivos e tendo os trabalhadores como condutores desta política. Finalmente, levanta uma série de questões, ainda sem resposta, que possam servir de matéria para investigações, estudos e pesquisas na área.The National Worker's Health Policy is analysed, pointing to such problems as undernotification of occupational diseases and work-related accidents, accountability fragmentation among various organizations, the importance worker's health policy in the context of the National Health Policy, and the lack of trained personnel. This extremely serious situation should be reverted by structural changes in the productive processes, with the active participation of workers both in the stablishment and conduction of this policy. Finally, this paper points to several issues that can contribute to future investigations, research and studies in this area.

  19. Métodos de avaliação antropométrica e bioimpedância: um estudo correlacional em trabalhadores da indústria

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Analie Nunes Couto

    2016-10-01

    Full Text Available Justificativa e Objetivos: A avaliação do estado nutricional através da antropometria e bioimpedância elétrica (Bia surge como uma ferramenta promissora de custo mais acessível. Este estudo verificou a correlação entre dois métodos de avaliação corporal (avaliação antropométrica e da composição corporal e área de gordura visceral por Bia em trabalhadores da indústria. Métodos: Trata-se de um estudo transversal, de caráter descritivo e correlacional, com 22 trabalhadores industriais, do município de Santa Cruz do Sul-RS. Para a avaliação da composição corporal foram aferidas variáveis antropométricas: Índice de Massa Corporal (IMC, Circunferência da Cintura (CC, Risco Cintura Quadril (RCQ, percentual de gordura corporal (%G, peso de gordura (PG, massa corporal magra (MCM e peso ósseo (PO. Para a composição corporal, utilizou-se a Bia, através do analisador de multi-frequência octopolar (InBody 720 para as variáveis: conteúdo mineral (CM; massa de gordura (MG; massa musculoesquelética (MME, IMC, %G, RCQ e área de gordura visceral (AGV. Na análise estatística, utilizou-se o teste de correlação de Pearson ou Spearman para avaliar a correlação entre as variáveis. Resultados: Dos 22 trabalhadores, 72,7% eram do sexo feminino, com idade média de 37,73 anos. Apresentaram IMC médio de 26,14kg/m², o que classifica a amostra com sobrepeso. No estudo, as avaliações feitas pelas duas técnicas apresentaram uma forte correlação entre as variáveis IMC e IMCBia, %G e %GBia, PG e MGBia, MCM e MMEBia, PO e CMBia, CC e AGVBia. Conclusão: Os dois métodos mostraram obter comportamento estatístico semelhante na avaliação corporal, sugerindo a possibilidade de utilização de quaisquer destas técnicas para avaliação da composição corporal.

  20. O vírus Influenza H1N1 e os trabalhadores da suinocultura: uma revisão

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Neidimila Aparecida Silveira Oliveira

    Full Text Available Considerando-se o grande impacto midiático e populacional da recente epidemia pelo vírus Influenza H1N1, em função do seu risco potencial de alta letalidade, decidimos realizar esta revisão, de forma a melhor compreender as relações entre a exposição aos suínos e a possível contaminação laboral. A influenza, também conhecida como gripe, é uma doença viral adquirida através do contato humano com animais domesticados. Os suínos são importantes hospedeiros do vírus Influenza H1N1 (swine-like Influenza A e susceptíveis às infecções por vírus Influenza de origem aviária e humana. Os suínos possuem importante papel na transmissão viral entre espécies e na epidemiologia da influenza humana. A epidemia por Influenza A H1N1/2009 representou um grande desafio para as autoridades públicas e setores privados da saúde, no que se refere às medidas de planejamento e execução de ações de prevenção e tratamento. Estima-se que 89 milhões de pessoas tenham sido contaminadas por este vírus, com até 403 mil casos de hospitalização e 18.300 óbitos até abril de 2010. Embora estejamos em período pós-pandemia, acredita-se que o vírus H1N1 tenha atualmente um comportamento semelhante ao vírus de gripe sazonal, causando focos infecciosos localizados e com níveis ainda significativos de transmissão. Destaca-se a preocupação com a saúde dos trabalhadores diretamente ligados à suinocultura, já que essa atividade produtiva apresenta uma situação de risco aos trabalhadores envolvidos e também à comunidade.

  1. Fatores de risco ao envolvimento de mães com filhos pré-escolares: associações com estresse e burnout = Risk factors for the involvement of mothers with preschool children: associations with stress and burnout = Factores de riesgo a la participación de las madres con los niños de preescolar: asociaciones con estrés y agotamiento

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Zanfelici, Tatiane Oliveira

    2015-01-01

    Full Text Available O trabalho dos pais pode relacionar-se positiva ou negativamente ao desenvolvimento dos filhos, a depender da frequência com a qual demandas domésticas e profissionais interferem no envolvimento parental. O objetivo deste estudo foi examinar as relações entre demandas de trabalho, estresse, burnout e envolvimento parental em 56 trabalhadoras com filhos de 3 a 5 anos. Aferiram-se os sintomas de estresse e burnout e o envolvimento com o filho utilizando escalas testadas em outros estudos. Verificou-se que as mulheres que afirmavam dedicar mais horas a tarefas domésticas atingiram escores de estresse e burnout mais altos e relataram menor frequência de envolvimento com seu filho. Os resultados elucidam uma fase crítica na vida de trabalhadoras com filhos pequenos, apontando a necessidade de fortalecer a rede de suporte para estes indivíduos, bem como desenvolver políticas públicas, para reduzir a sobrecarga e o estresse parental

  2. Exposição a trauma e transtorno de estresse pós-traumático em usuárias de crack

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Saulo Gantes Tractenberg

    2012-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Verificar a ocorrência de trauma e transtorno de estresse pós-traumático (TEPT em uma amostra de mulheres dependentes de cocaína tipo crack. MÉTODO: A amostra foi composta por 99 mulheres, entre 18 e 52 anos, internadas em uma unidade de desintoxicação e extensamente avaliadas por meio da SCID-I e a ASI-6. RESULTADOS: Verificou-se uma taxa de exposição a trauma de 86,9% entre mulheres dependentes de cocaína tipo crack. A taxa de TEPT na amostra foi de 15,1%. Os clusters de revivescência e hiperexcitabilidade foram os mais frequentes - 24,4% e 20,9% respectivamente. Entre os tipos de eventos relatados, os mais frequentes foram sofrer agressão/abuso físico e ser testemunha de violência a outros. CONCLUSÃO: Os resultados sugerem uma frequente exposição a eventos traumáticos. Com relação à idade da experiência traumática, sugere-se que as usuárias expostas a trauma durante a infância e adolescência apresentam um início do uso de drogas em idades mais precoces que aquelas cujo trauma ocorreu na vida adulta.

  3. Oxidative stress in patients with type 2 diabetes mellitus treated with metformin = Estresse oxidativo em pacientes com diabetes mellitus tipo 2 em tratamento com metformina

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Dries, Samuel Selbach

    2017-01-01

    RESULTADOS: A amostra inicial foi composta por 49 pacientes com idade de 59±9 anos e índice de massa corporal de 29,8±5,1 kg/m2 , com diabetes por uma mediana de tempo de 36 (intervalo interquartil 1-240 meses e em uso de metformina há uma mediana de 36 (intervalo interquartil 1-180 meses. Vinte e cinco pacientes deixaram o estudo entre a segunda e a quarta reunião. Os níveis de malondialdeído diferiram entre antes e após o acompanhamento farmacoterapêutico, correlacionando-se positivamente com glicemia, glicohemoglobina e triglicerídeos e negativamente com metformina e superóxido dismutase. Encontrou-se elevação da glicemia, glicohemoglobina e malondialdeído, e diminuição da metformina no grupo com complicações diabéticas, e foi identificada correlação entre malondialdeído e o número de complicações diabéticas por paciente. CONCLUSÕES: Nesta amostra de pacientes com diabetes mellitus tipo 2 em tratamento com metformina, o estresse oxidativo foi mais pronunciado nos que apresentavam pior controle glicêmico e complicações diabéticas

  4. Estresse cotidiano na transição da 1ª série: percepção dos alunos e associação com desempenho e ajustamento Daily hassles in the first-grade transition: student perception and association with school achievement and adjustment

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edna Maria Marturano

    2009-01-01

    Full Text Available O artigo apresenta uma pesquisa conduzida em escolas públicas, com o objetivo de avaliar a intensidade do estresse percebido, associado ao cotidiano escolar na transição da 1ª série, bem como investigar associações entre desempenho, ajustamento e estresse em domínios específicos da vida escolar. Participaram 171 alunos da 1ª série, com idade entre 6 e 8 anos. Os instrumentos utilizados foram: Inventário de Estressores Escolares, Teste de Desempenho Escolar, Avaliação do Desempenho e do Ajustamento pelo Professor. Nos resultados, as crianças apontaram como mais estressantes os domínios de relacionamento com os companheiros e demandas do novo contexto. O estresse no domínio acadêmico foi negativamente associado a desempenho. A freqüência à educação infantil contribuiu para minimizar o estresse.This article describes a study conducted in public schools aiming at evaluating how much upset children feel about school daily hassles during the first grade transition. The relationships between daily hassles in different domains of school life and measures of achievement and adjustment were also investigated. One hundred and seventy-one (171 first grade students participated in the study. The instruments used were the School Hassles Inventory, the School Achievement Test, and the items for the assessment of children's achievement and adjustment from the Teacher Report Form. The results showed that: children rated hassles with peers and nonacademic school demands as the most stressful domains during first grade whereas academic concerns correlated negatively to achievement. Prior kindergarten attendance was associated with lower levels of daily stress.

  5. Versão brasileira da Escala de Estresse Percebido: tradução e validação para idosos Brazilian version of the Perceived Stress Scale: translation and validation for the elderly

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Caroline Di Bernardi Luft

    2007-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Traduzir a Escala de Estresse Percebido para a língua portuguesa do Brasil e verificar sua validade para mensurar o estresse percebido de idosos brasileiros. MÉTODOS: A escala foi traduzida e testada em sua versão completa, com 14 questões e na reduzida, com dez questões. A tradução obedeceu às etapas de tradução, tradução reversa e revisão por um comitê. A escala traduzida foi aplicada, por meio de entrevista, a 76 idosos com idade média de 70,04 anos (DP=6,34; mín: 60; máx: 84. A consistência interna foi verificada por meio do coeficiente alfa de Cronbach e a validade de construto, por análise fatorial exploratória com rotação ortogonal pelo método varimax. As médias das versões completa e reduzida foram analisadas comparando o estresse percebido em função da auto-avaliação da saúde, nível econômico percebido, estado civil, condições de residência, entre outras. RESULTADOS: Quanto à confiabilidade, a versão completa apresentou consistência interna semelhante (r=0,82 à reduzida (r=0,83. A análise fatorial revelou a existência de dois fatores para a completa e um para a reduzida. A questão 12 apresentou as menores cargas fatoriais. Ao analisar a possibilidade de a escala diferenciar o estresse percebido em função das variáveis, verificou-se que a versão completa obteve maiores diferenças no estresse do que a reduzida. CONCLUSÕES: A Escala de Estresse Percebido mostrou-se clara e confiável para mensurar o estresse percebido de idosos brasileiros, apresentando qualidades psicométricas adequadas.OBJECTIVE: To translate the Perceived Stress Scale into Brazilian Portuguese, and to assess its validity for measuring perceived stress of Brazilian elderly. METHODS: The scale was translated and tested in its full version including 14 questions and in a shortened version including ten questions. The whole translation process consisted of translation, back-translation and committee review. The

  6. Raça, racismo e saúde: a desigualdade social da distribuição do estresse Race, racism and health: the social inequality of the distribution of stress

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    André Faro

    2011-12-01

    Full Text Available A presente revisão explora os conceitos de raça e racismo, delimitando particularidades quanto ao perfil de saúde de indivíduos ou grupos submetidos à discriminação ou preconceito racial. Além disso, pretende-se levantar evidências da relação entre racismo e saúde a partir dos estudos sobre o estresse. Apresenta-se a desigualdade social como um poderoso fator na causação de iniquidades em saúde, o que fomenta disparidades em relação à prevalência de estresse. Sendo o racismo um elemento criador e mantenedor de estressores no âmbito das relações sociais, discorre-se sobre como a discriminação racial implica limitações fundamentais na vida dos indivíduos, o que impacta incisivamente na quantidade de estresse experienciada. Enfim, procurou-se sistematizar o conhecimento acerca das relações entre raça e saúde, investigando-se o impacto deletério do racismo sob o princípio da distribuição social do estresse.This review exploits the concepts of race and racism and defines particularities for the health profile of individuals or groups subject to discrimination or racial prejudice. In addition, we intend to seek evidences of the relationship between racism and health from the studies on stress. It presents social inequality as a powerful factor in the causality of health inequalities, which generates disparities in the stress prevalence. Racism is a creator and sustainer element of stressors in the context of social relations, and it explains how racial discrimination provokes fundamental limitations in the individuals' life, which impacts broadly on the amount of stress experienced. We tried to systematize knowledge about the relationship between race and health, investigating the deleterious impact of racism on the principle of social distribution of stress.

  7. Renegociação do Tratado de Itaípu entre Lugo e Lula

    OpenAIRE

    Almeida, Giordano Sousa de

    2015-01-01

    Este trabalho objetiva analisar o processo de ratificação do ajuste no Anexo C do Tratado de Itaipu, ocorrido, no Congresso Nacional brasileiro, em decorrência do acordo assinando entre o presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva e seu homólogo paraguaio Fernando Armindo Lugo de Méndez, em julho de 2009. Especificamente, procurou-se entender se haveria alguma relação especial existente entre os Governos brasileiro, chefiado pelo Partido dos Trabalhadores, e o paraguaio, chefiado por ...

  8. Nexo técnico epidemiológico previdenciário – NTEP e o fator acidentário de prevenção – FAP : um novo olhar sobre a saúde do trabalhador

    OpenAIRE

    Oliveira, Paulo Rogério Albuquerque de

    2010-01-01

    A pesquisa aborda o tema da Saúde do Trabalhador sob a perspectiva do direito constitucional, na seara dos direitos fundamentais, articulado em mecanismos de peso-e-contrapeso com outros dois: livre-iniciativa e meio ambiente do trabalho. O aparente conflito de constitucionalidade entre esses três direitos é desfeito ao se evidenciar que, na essência, as distorções e anacronismos do atual sistema protetivo acidentário, dito esgotado, são de natureza infraconstitucionais, cujos vícios...

  9. Seed germination of Bowdichia virgilioides Kunth, under water stress Germinação de sementes de Bowdichia virgilioides Kunth, sob estresse hídrico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lígia M. de M. Silva

    2001-04-01

    Full Text Available Bowdichia virgilioides (Leguminosae-Papilionoideae is a native tree species in Brazil characteristic of the savannah vegetation. Seeds of this species were submitted to different osmotic potentials induced by polyethyleneglycol (PEG-6000 in order to verify their resistance to drought conditions. Seeds were previously scarified with sulphuric acid and incubated at 25 ºC with an eight hours photoperiod, at osmotic potentials of 0.0, -0.1, -0.3, -0.5, -0.7, -0.9 and -1.1 MPa. It was found that water stress resistance limit ranged from -0.7 to -0.9 MPa. Significant reduction in germination velocity from -0.3 MPa, and final percentage of germination from -0.5 MPa in relation to control, were observed. Germination under drastic conditions of water stress was inhibited, but was restored with an increase of water availability.Bowdichia virgilioides (Leguminosae-Papilionoideae é uma espécie arbórea nativa do Brasil, característica da vegetação de cerrado, denominada principalmente de sucupira-preta. Sementes dessa espécie foram escarificadas com ácido sulfúrico e submetidas a diferentes potenciais osmóticos, induzidos por polietilenoglicol (PEG-6000, com o objetivo de avaliar a sua resistência a condições de seca. As sementes foram colocadas para germinar a 25 ºC, sob fotoperíodo de oito horas, nos potenciais osmóticos de 0,0, -0,1, -0,3, -0,5, -0,7, -0,9, e -1,1 MPa. Pelos resultados obtidos, observou-se que o limite de resistência da espécie ao estresse hídrico situa-se entre -0,7 e -0,9 MPa. A velocidade de germinação foi significativamente reduzida a partir de -0,3 MPa e a porcentagem final a partir de -0,5 MPa, em relação às sementes não submetidas ao estresse hídrico. Sob drásticas condições de estresse hídrico não houve germinação das sementes, que foi restabelecida com o aumento da disponibilidade de água.

  10. Percepção organizacional dos trabalhadores de um complexo esportivo de Santa Catarina

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ketrin Bareta

    2015-03-01

    Full Text Available Este estudo objetivou identificar o índice de percepção organizacional dos trabalhadores do Complexo Aquático da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC. Usou-se um questionário de cultura e qualidade adaptado de Vaitsman et al. (2000, aplicado em professores, bolsistas e outros trabalhadores. Os resultados encontrados foram insatisfatórios (abaixo de 0,6 para as variáveis infraestrutura e gestão em duas categorias de trabalhadores e insatisfatórios para as variáveis clima organizacional e cultura em uma das categorias avaliadas. Crê-se que este trabalho possa esclarecer o papel do gestor esportivo, mostrar que é cabível ao profissional de educação física planejar, organizar, dirigir e controlar instalações esportivas.

  11. Estresse oxidativo como fator de risco cardiometabólico emergente = Oxidative stress as an emergent cardiometabolic risk factor

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gottlieb, Maria Gabriela Valle

    2010-01-01

    Conclusões: a associação do estresse oxidativo com adiposidade e resistência insulínica sugere sua influência na manifestação da síndrome metabólica. Sedentarismo e hábitos alimentares inadequados parecem contribuir com o aumento do estresse oxidativo e consequente risco para surgimento de doenças cardiovasculares

  12. Riscos químicos a que estão submetidos os trabalhadores de enfermagem: uma revisão de literatura

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Xelegati Rosicler

    2003-01-01

    Full Text Available O estudo consiste em levantamento bibliográfico nas bases de dados LILACS, MEDLINE e ILO-CIS BULLETIN - SAFETY AND HEALTH AT WORK sobre a temática riscos ocupacionais químicos, tendo como objetivo identificar, nas publicações encontradas, os principais agentes que podem favorecer o contato com esses riscos e provocar alterações de saúde nos trabalhadores de enfermagem. Foram encontrados 37 artigos, sendo apenas quatro publicados em periódicos nacionais que relatavam a detecção dos riscos químicos na manipulação de drogas citostáticas, na exposição a gases anestésicos, vapores de formaldeído/glutaraldeído e a gases esterilizantes, entre outros.

  13. Perfil dos trabalhadores por conta própria no Brasil

    OpenAIRE

    Kon, Anita

    2001-01-01

    O objetivo global desta pesquisa foi contribuir com subsídios para a análise das características do trabalhador brasileiro por conta própria ou autônomo, particularmente no que se refere ao padrão de distribuição setorial, ocupacional e dos rendimentos da população ocupada, tendo em vista os novos requisitos demandados pelos atuais processos produtivos e organizacionais, dentro e fora das empresas. Estas características são retratadas pela representatividade ocupacional dos trabalhadores deta...

  14. Estado nutricional e práticas alimentares de trabalhadores acidentados Nutritional status and dietary practices of injured workers

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Angélica Tavares de Medeiros

    2007-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Identificar o estado nutricional e as práticas alimentares de trabalhadores acidentados de Piracicaba, SP. MÉTODOS: Estudo transversal com 600 trabalhadores acidentados, atendidos em um dos 8 serviços especializados do município, entre maio e outubro de 2004. Foram caracterizados a situação socioeconômica, ocupacional, as práticas alimentares e o estado nutricional (peso, altura e circunferência de cintura, verificando médias e desvio-padrão. RESULTADOS: Os acidentados eram, fundamentalmente, homens (87,33%, operários (55,17%, com idade média de 33 anos. A maioria se inseria no mercado formal (84,17%, em turno diurno fixo (91,00%, e 55,33% possuía trabalho fixo. Aproximadamente a metade deles apresentou sobrepeso (28,26% ou obesidade (17,89%, sendo maior nos que referiam pouco esforço físico no trabalho (54,90%. Quase 1/3 dos trabalhadores tinha a circunferência da cintura aumentada, indicando risco cardiovascular. O benefício alimentação atendia a 85,33% dos entrevistados. Predominou, na rotina alimentar, a realização de duas grandes refeições, almoço (95,67% e jantar (94,83%; 24,16% não ingeriam o desjejum diariamente, e 37,50% consumiam alimentos entre as grandes refeições. O arroz e o feijão eram consumidos, diariamente, por 98,67%, as carnes por 90,33% e os farináceos por 81,50%. Os laticínios compunham a alimentação diária de 63,33% dos trabalhadores; 55,17% consumiam verduras e/ou legumes diariamente e 32,67%, frutas. Em contrapartida, 53,00% mencionaram consumo diário de doces e refrigerantes e 38,67% de frituras e salgadinhos. CONCLUSÃO: A alta prevalência de excesso de peso e os aspectos poucos saudáveis das práticas alimentares corroboram a tendência atual de aumento dessa doença, portanto, uma maior atenção a essas questões deve ser dada no tocante à vigilância à saúde dos trabalhadores.OBJECTIVE: To identify the nutritional status and dietary practices of injured workers of

  15. Escala de valores pessoais: validação da versão reduzida em amostra de trabalhadores brasileiros

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Campos, Camila Bolzan de

    2010-01-01

    Full Text Available A literatura tem mostrado especial interesse na pesquisa com valores individuais, destacada pela amplitude de publicações em função de sua relevância na predição de comportamentos. A escala de valores PQV (Portrait Questionnaire Value avalia o sistema de valores individuais baseada no modelo teórico de valores humanos de Schwartz. Este artigo tem como objetivo validar a versão reduzida de 21 itens do PQV. Para tanto, uma amostra de 554 trabalhadores brasileiros de empresas privadas responderam o questionário. Os resultados do Escalonamento Multidimensional (MDS com o método de escalonamento do coeficiente de alienação de Guttman apontaram a adequação da estrutura teórica para interpretar a correlação entre os itens. Conclui-se que a versão reduzida é uma alternativa ao mesmo instrumento original, conservando sua estrutura e exigindo menor tempo de aplicação

  16. Agravos à saúde referidos pelos trabalhadores de enfermagem em um hospital público da Bahia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciana Souza de Freitas Machado

    2014-10-01

    Full Text Available Embora o trabalho seja essencial à vida humana, o contexto no qual é realizado pode desencadear tensão, desajuste e consequente adoecimento. Estudos apontam a Enfermagem como uma ocupação com alto risco para adoecimento, em especial no ambiente hospitalar. O objetivo deste estudo foi estimar a ocorrência de agravos à saúde referidos pelos trabalhadores de enfermagem em um hospital na Bahia. Estudo de corte transversal envolvendo 309 profissionais. As queixas de saúde mais frequentes relacionaram-se a sintomas osteomusculares como dor nas pernas 66,4% (192 e dor nas costas 61,8% (178; e à saúde mental com predomínio de cansaço mental 47% (131 e nervosismo 33,7% (93. Os resultados apontam que enfermeiros apresentaram maior frequência de agravos posturais e queixas de saúde mental enquanto as queixas de agravos respiratórios foram mais prevalentes entre técnicos e auxiliares. Estes resultados evidenciam necessidade de maior consciência do processo de trabalho e realização de atividades preventivas.

  17. Mortalidade por câncer em trabalhadores da indústria da borracha de São Paulo Cancer mortality among rubber industry workers in São Paulo, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hélio Neves

    2006-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar as mortes por câncer em trabalhadores da indústria da borracha de acordo com o tamanho da empresa. MÉTODOS: Coorte histórica com 9.188 trabalhadores masculinos, matriculados em sindicato de trabalhadores da indústria de borracha do Estado de São Paulo entre 1975 e 1985, sobreviventes em janeiro de 1990 e acompanhados até o final de 2000. As mortes por câncer foram comparadas internamente à coorte, cujos membros foram subdivididos em estratos por porte e sub-ramo da empresa, setor de trabalho e qualificação profissional. A abordagem por conjuntos de risco e regressão logística condicional foi utilizada para o cálculo dos riscos relativos, ajustados por idade, tempo desde o primeiro emprego e tempo de trabalho na indústria da borracha. RESULTADOS: Quando comparados aos empregados de grandes empresas, trabalhadores de pequenas empresas mostraram excesso de mortes por todos tipos de câncer (RR=2,33; IC 95%: 0,90-6,03; tumores de estômago (RR=3,47; IC 95%: 2,57-4,67 e do trato aero-digestivo superior (RR=2,49; IC 95%: 1,78-3,48. Identificou-se excesso de mortes por câncer nos trabalhadores dos setores de manutenção (RR=2,23; IC 95%: 0,73-6,76; expedição, armazenamento e transporte (RR=2,97; IC 95%: 0,77-11,38; e produção (RR=3,51; IC 95%: 1,07-11,57, comparados aos trabalhadores dos setores administrativos. CONCLUSÕES: Os resultados mostram evidências de aumento do risco de tumores de estômago e do trato aero-digestivo superior e, possivelmente, por câncer em geral em trabalhadores de empresas de pequeno porte da indústria da borracha quando comparados aos trabalhadores das grandes empresas.OBJECTIVE: To investigate cancer deaths among rubber industry workers according to company size. METHODS: This historical cohort study included 9,188 male workers, engaged as members of a workers' union in São Paulo, Southeastern Brazil, between 1975 and 1985, alive in January 1990 and followed until the end of 2000

  18. Proposta de um sistema de gestão de estresse para médicos em hospitais baseado na OHSAS

    OpenAIRE

    Santos, Cidalia de Lourdes de Moura

    2008-01-01

    Esta pesquisa teve por objetivo o desenvolvimento de um modelo de gestão de estresse para médicos em hospitais baseado nas diretrizes propostas pela OHSAS 18001:2007. Com o advento da globalização e da competitividade, o trabalho tornouse mais estressante e as doenças decorrentes do estresse se fizeram mais presentes. O estresse é uma reação fisiológica do corpo, portanto, necessária à vida. O estresse quando em equilíbrio traz benefícios para o indivíduo e é chamado de eust...

  19. Efeitos do estresse térmico nas concentrações plasmáticas de progesterona (P4 e estradiol 17-b (E2 e temperatura retal em cabras da raça Pardo Alpina Effects of heat stress on progesterone (P4 and estradiol-17b plasma concentrations and rectal temperature of Alpine Brown goats

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luis Fernando Uribe-Velásquez

    2001-04-01

    Full Text Available Seis cabras lactantes foram distribuídas aleatoriamente em um delineamento experimental em "crossover", em dois grupos: sob condições termoneutras e estresse térmico. Um período de adaptação de 28 dias foi seguido por quatro períodos de 14 dias cada, quando os animais sob estresse térmico foram expostos à temperatura média de 33,84ºC; THI de 86,20; BGT de 36,18 e BT de 32,11ºC das 8 às 17 horas, incluindo radiação solar simulada das 10 às 15 horas. Não houve diferença entre as concentrações plasmáticas de progesterona, mas as fêmeas submetidas ao estresse térmico apresentaram diminuição nas concentrações plasmáticas de estradiol, quando comparados ao grupo termoneutro. A temperatura retal dos animais sob estresse térmico foi mais elevada quando foi comparada à do grupo de animais em condições de termoneutralidade. As cabras mantiveram as concentrações plasmáticas da progesterona, com diminuição na secreção de estradiol, quando expostas a um estresse repetido e intermitente, a despeito de ocorrer hipertermia durante o estresse pelo calor.Six lactating goats were randomly assigned to a crossover experimental design in two groups, under thermoneutral and heat stress conditions. An adaptation period of 28 days were followed by 4-periods of 14 days each, when the animals under heat stress were exposed to an average temperature of 33.34ºC; THI of 86.20; BGT of 36.18 and BT of 32.11ºC from 8 to 17 hours, including simulated solar radiation from 10 to 15 hours. There was no difference for progesterone plasma concentrations but the animals under heat stress showed a reduction of estradiol plasma concentrations as compared to the thermoneutral group. The rectal temperature of the animals under heat stress was higher when compared to the animals under thermoneutral conditions. The goats maintained progesterone plasma concentrations with reduction of estradiol secretion when exposed to repeat stress and intermittent

  20. Depressão, estresse e alexitimia em pacientes com infecção pelo vírus HIV - DOI: 10.4025/actascihealthsci.v29i1.109 Depression, stress and alexitimy in patients with infection by the HIV virus - DOI: 10.4025/actascihealthsci.v29i1.109

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Silvana Marques Araujo

    2007-12-01

    Full Text Available Durante o curso da infecção pelo HIV, é comum a depressão; um alto nível de estresse pode derivar em uma menor competência imunitária. Alexitimia é uma reação "estado" para os efeitos de doenças físicas sérias. Este trabalho teve como objetivo avaliar níveis de depressão, estresse e alexitimia em pacientes portadores de HIV correlacionandoos ao nível de células TCD4+ e ocorrência de infecções oportunistas. Foram selecionados 50 pacientes portadores de HIV. Escalas para avaliação dos níveis de depressão, estresse e alexitimia foram aplicadas. Houve depressão leve em 48% dos pacientes, moderada (28% e grave (4%. São alexitimicos 82%. Apresentaram sintomas físicos e psicológicos do estresse 78%. Pacientes com taxa de linfócitos TCD4mm3 apresentaram maior percentual de depressão, estresse e alexitimia. Observou-se ocorrência maior de infecções oportunistas nos pacientes com depressão, independente da taxa de linfócitos T CD4+. Estes resultados sugerem relação entre depressão, estresse, alexitimia e maior infecção pelo vírus HIV.During the course of the infection by HIV, depression is common. A high stress level can result in a smaller imunitary competence. Alexitimy is a reaction "state" for the effects of serious physical diseases. This work aimed to evaluate the depression levels, stress and alexitemy in patients infected with HIV. Fifty patients were selected. Depression, stress and alexitemy were evaluated. The application of scales showed low depression in 48% of patients, moderate in 28% and serious in 4%. 82% are alexitemics and 78% presented physical and psychological symptoms of stress. Patients with TCD4 linfocites tax mm3 presented a higher percentual of depression, stress and alexitemy. It was observed a higher incidence of opportunist infections in the patients with depression, whatever the linfocites T CD4+ tax was. These results suggest relation among depression, stress, alexitemy and higher

  1. Adolescentes com Diabetes Mellitus Tipo 1: Estresse, enfrentamento e adesão ao tratamento

    OpenAIRE

    Victório, Vanessa Marques Gibran

    2016-01-01

    O Diabetes Mellitus Tipo 1 (DM1) é uma condição crônica de saúde caracterizada pelo excesso de glicose no sangue e produção deficiente de insulina pelo pâncreas, exigindo a ingestão diária de insulina para o controle metabólico. Este é afetado por variáveis psicossociais, especialmente durante a adolescência, que é uma fase de risco para reações de estresse. A forma como o adolescente lida com o estresse depende, em parte, de seu repertório de enfrentamento. As estratégias de enfrentamento [E...

  2. Fatores de risco para absenteísmo com licença médica em trabalhadores da indústria de petróleo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nágila Soares Xavier Oenning

    2014-02-01

    Full Text Available OBJETIVO : Identificar fatores de risco para o absenteísmo com licença médica em trabalhadores de empresa de petróleo. MÉTODOS : Estudo caso-controle (120 casos e 656 controles aninhado a um estudo de coorte retrospectivo com todos os trabalhadores de uma empresa de petróleo na Região Norte-Nordeste do Brasil entre 2007 e 2009. A variável resposta utilizada para representar o absenteísmo com licença médica foi a incidência média de faltas com licenças médicas no período, definida pela razão entre o total de dias de licenças médicas e os dias potencialmente trabalháveis no período. Análise de regressão logística foi utilizada para investigar a associação entre incidência média de faltas > 5,0% no período e as variáveis sexo, cargo, idade, tempo de atuação, regime de trabalho, tabagismo, hipertensão arterial, índice de massa corporal, atividade física, risco coronariano, sono, glicemia, diabetes não controlado, doença do aparelho cardiovascular, digestivo, aparelho locomotor, neurológica, neoplasia, posturas forçadas no trabalho, satisfação com o trabalho, relacionamento com a chefia e atenção concentrada no trabalho. RESULTADOS : A incidência média de faltas com licenças médicas > 5,0% no período da coorte foi 15,5%. O modelo logístico revelou que trabalhadores com incidência média de faltas > 5,0% tiveram 2,6 vezes mais chance de ser do sexo feminino; 2,0 vezes mais chance de ser fumante; 1,8 vez mais chance de ser ex-fumante, 2,2 vezes mais chance de relatar sono anormal e 10,5 vezes mais chance de estarem insatisfeitos com o trabalho do que trabalhadores com incidência média de faltas ≤ 5,0% no período. CONCLUSÕES : Sexo feminino, ser fumante ou ex-fumante, estar insatisfeito com o trabalho e relatar sono anormal são bons preditores de absenteísmo ao trabalho por doença.

  3. Terapia cognitiva do transtorno de estresse pós-traumático

    OpenAIRE

    Knapp,Paulo; Caminha,Renato Maiato

    2003-01-01

    Os autores descrevem o quadro de Estresse Pós-traumático (TEPT) dentro do modelo cognitivo-comportamental. São discutidos os fatores que determinam a vulnerabilidade ao desenvolvimento do TEPT. São apresentados os fundamentos da abordagem cognitiva dos quadros de TEPT e um roteiro do conteúdo e duração da psicoterapia desses casos é proposto.

  4. Idosos trabalhadores: perdas e ganhos nas relações intergeracionais The elderly workers: profits and losses in intergenerational relationships

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosa Maria da Exaltação Coutrim

    2006-08-01

    Full Text Available Este artigo é fruto de uma pesquisa qualitativa realizada com idosos de baixa renda que trabalham informalmente nas ruas de Belo Horizonte. As condições de escassez material fazem com que a coabitação seja recorrente entre estes indivíduos, contudo, esta estratégia para diminuir o impacto da pobreza permite às famílias estabelecer também trocas intergeracionais. Se, de um lado, existe o conflito devido à intensa convivência entre várias gerações, de outro, existe a solidariedade e o amparo mútuo dos familiares. Os idosos trabalhadores ocupam papel econômico central na vida das famílias em que os mais jovens estão desempregados ou subempregados, e, assumindo o papel de provedores do domicílio, os idosos mantêm o poder de negociação com as demais gerações com que convivem.This article is a result of a qualitative research conducted with low-income elderlies who work informally on the streets of Belo Horizonte. Material scarcity leads them to a recurrent practice, the cohabitation. This strategy used to diminish the poverty impact also establishes intergenerational exchanges. On the one hand, there is a conflict due to intensive companionship among generations; on the other hand, there is sympathy and mutual help from the family. The elderly workers play a central economic role in the life of their families, in which youths are unemployed or underemployed, and, as home providers, elder people maintain the power of negotiation with the generations that live with them.

  5. Caracterização sócio-econômica do trabalhador temporário da indústria canavieira em Lagoa da Prata, Minas Gerais, Brasil / Socioeconomic Characterization of the temporary worker of the sugar-cane industry in Lagoa da Prata, Minas Gerais, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Regina Alves Maciel, , ,

    2011-09-01

    Full Text Available A indústria sucroalcooleira, nos moldes que se apresenta na atualidade brasileira, implica na geração de impactos econômicos, ambientais e sociais. Nesse último ressalta-se a geração de empregos e a constituição do profissional temporário, o cortador de cana. A pesquisa teve como objetivo caracterizar algumas variáveis sócio-econômicas relativas ao trabalhador temporário da agroindústria canavieira de Lagoa da Prata, Minas Gerais. O trabalho buscou, mediante uma pesquisa documental exploratória de natureza quantitativa e descritiva, caracterizar o perfil sócio-econômico dos trabalhadores temporários da agroindústria canavieira de Lagoa da Prata - MG. Os resultados indicam que a maioria dos trabalhadores temporários do setor sucroalcooleiro são migrantes, homens e jovens, com ensino fundamental incompleto, sendo a maioria não sindicalizado. A presença majoritária de jovens evidencia a correlação entre a disposição física e a força muscular exigida pelo trabalho proposto. A maioria sendo migrantes sazonais pode ser explicada pela inibição dos trabalhadores locais diante do baixo salário oferecido, associados ao trabalho pesado e desgastante do corte da cana. A priorização do trabalhador do sexo masculino em detrimento do sexo feminino se justificou pela superioridade biológica natural para o desempenho do trabalho e pela maior oferta de mão-de-obra

  6. Por um programa preventivo em saúde mental do trabalhador na brigada militar

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernanda Spanier Amador

    Full Text Available O presente artigo argumenta sobre a importância de políticas de Saúde e Segurança Públicas que sustentem programas voltados à saúde do trabalhador na Brigada Militar. Aborda, mais especificamente, a necessidade de ações preventivas e promotoras de saúde mental nesse âmbito.

  7. Repercussões da ambiência hospitalar na perspectiva dos trabalhadores de limpeza

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elen Petean

    Full Text Available Objetivou-se compreender o trabalho de limpeza hospitalar da perspectiva dos trabalhadores e descrever, na visão deles, as repercussões da ambiência hospitalar sobre o seu cotidiano de vida e trabalho. É um estudo de caso de abordagem qualitativa, empregando a hermenêutica como apoio teórico-metodológico. Os dados foram colhidos por meio da observação não participante e de entrevista com cinco trabalhadoras da limpeza de um hospital universitário. A análise foi por meio de leituras, buscando-se as unidades de significados contidas na transcrição dos dados empíricos, que permitiu o desmembramento em duas categorias: o cotidiano do trabalho de limpeza hospitalar e os reflexos da terceirização na vida do trabalhador da limpeza hospitalar. No hospital estudado, predominou o trabalho feminino e a constante preocupação com os riscos à saúde, principalmente os riscos biológicos. A terceirização reflete-se diretamente sobre o trabalhador, causando-lhe a sensação de um menor valor social e humano. Aponta-se a necessidade dos hospitais oferecerem um ambiente mais acolhedor ao trabalhador terceirizado da limpeza, tão exigidos física e mentalmente.

  8. BEM-ESTAR DOS TRABALHADORES DE ESCOLA DE SAMBA: REALIDADE OU FANTASIA?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sérgio Henrique Barroca Costa

    2011-12-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi avaliar a existência de bem-estar dos trabalhadores de uma escola de samba do Rio de Janeiro por intermédio de 27 entrevistas semiestruturadas com perguntas abertas relacionadas à trajetória de vida dos trabalhadores e gestores, as quais resultaram na caracterização das atividades de trabalho. O perfil dos entrevistados é formado por maioria do sexo masculino, gestores, lotados na comissão de carnaval, com idade de pouco mais de 43 anos e média de cerca de 23 anos de participações em carnavais. Para tratamento de dados utilizou-se o Alceste, programa de análise de dados textuais, que classificou os discursos em cinco núcleos, transformados em dois eixos temáticos. Os resultados evidenciaram que, apesar das deficiências, os trabalhadores vivenciam bem-estar no contexto de trabalho caracterizado pelo significado da atividade de trabalho, da identificação institucional e do reconhecimento dos trabalhadores.

  9. Violência comunitária e transtorno de estresse pós-traumático em crianças e adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Liana Furtado Ximenes

    2013-01-01

    Full Text Available O presente estudo tem como objetivo analisar a associação entre exposição à violência comunitária e o Transtorno de Estresse Pós-Traumático (TEPT segundo gênero e faixa etária entre crianças e adolescentes de escolas públicas de São Gonçalo/RJ. Participaram da análise deste artigo 399 crianças e adolescentes (idade média de 10,6 anos, DP=1,0. A prevalência total de sintomas de TEPT nas crianças e adolescentes é de 9,5%, sendo maior nas meninas (12,6% do que nos meninos (6,5%. No modelo multivariado, destaca-se que as crianças menores de 10 anos têm duas vezes mais chances de desenvolverem sintomas deste transtorno que as mais velhas e que quanto maior a exposição à violência comunitária maiores as chances de surgimento de sintomas de TEPT.

  10. Efeitos tardios do bullying e transtorno de estresse pós-traumático: uma revisão crítica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paloma Pegolo de Albuquerque

    Full Text Available O Transtorno de Estresse Pós-Traumático (TEPT é considerado o principal transtorno psiquiátrico associado à violência. A fim de analisar a possível relação entre bullying e o desenvolvimento tardio de sintomas de TEPT, o objetivo do presente trabalho foi o de identificar e organizar a produção cientifica da área. Para tanto, foi realizada uma revisão bibliográfica na literatura considerando livros e artigos publicados, bem como pesquisa eletrônica em bases de dados. A análise das pesquisas encontradas indicou que, apesar de os resultados apontarem uma relação entre TEPT e bullying, tanto na infância quanto a longo prazo, não há dados suficientes que explicitem como se dá essa relação. Contudo, há evidências de que alguns indivíduos que sofrem vitimização por bullying possam apresentar maior vulnerabilidade para desenvolver TEPT.

  11. Desempenho de genótipos de aveia branca em resposta ao estresse por alumínio

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Solange Ferreira da Silveira Silveira

    2013-01-01

    Full Text Available A aveia branca (Avena sativa L. é uma cultura que tem um papel importante no sistema de produção de grãos e integração lavoura-pecuária, no entanto, em algumas regiões brasileiras, o pleno estabelecimento e desenvolvimento dessa cultura, bem como o aumento de produtividade são inviabilizados pelo excesso de alumínio (Al nos solos. A avaliação de caracteres de plântulas de aveia desenvolvidas sob cultivo hidropônico com adoção de solução nutritiva mínima pode ser eficiente para classificar genótipos sensíveis e tolerantes ao Al. Este trabalho objetivou avaliar o desempenho de 10 genótipos de aveia submetidos ao estresse por Al, baseando-se na análise da retomada do crescimento da raiz, com uso de solução mínima e identificando quais caracteres se mantêm correlacionados. Foram adotadas diferentes doses de Al (0, 3, 6, e 9 mg L-1 de Al. Com uso de solução mínima, a dose de 6 mg L-1 de Al é a mais adequada na diferenciação de genótipos sensíveis e tolerantes. Dentre os genótipos estudados, UFRGS 14, UFRGS 19 e URS Guapa são os mais tolerantes e UPFA 20, UPF 18 e IAC 7, os mais sensíveis ao Al. Com o objetivo de classificar genótipos de aveia entre sensíveis e tolerantes ao Al, nenhuma outra variável pode ser utilizada em substituição à retomada do crescimento da raiz.

  12. Estresse e função reprodutiva feminina Stress and female reproductive function

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Simone da Nóbrega Tomaz Moreira

    2005-03-01

    Full Text Available Este artigo discute a relação do estresse sobre a função reprodutiva, considerando que a infertilidade pode ter causas psicológicas (hipótese da psicogênese ou pode ser a origem do estresse psicológico. A presença do estresse tem o potencial de ativar o eixo hipotálamo-hipófise-adrenal, o qual, inibe o eixo hipotálamo-hipófise-ovariano, levando à paralisação temporária das menstruações. Esse processo pode resultar em infertilidade transitória para as mulheres. Os autores enfatizam a necessidade de uma abordagem psicológica nos serviços de reprodução, objetivando trabalhar as tensões e frustrações advindas da infertilidade e do seu tratamento.This article discusses the relationship between stress and reproduction considering that infertility could bear psychological causes (psychogenesis hypothesis or could be caused by psychological stress. Stress has the potential of activating the hypothalamus-hypophisis-adrenal axis inhibiting the hypothalamus-hypophisis-ovarian axis leading to temporary menstruation paralysis. This process could result in a transitory infertility of women. The authors emphasize the need of a psychological approach in reproduction services with the objective of treating tensions and frustrations derived from infertility and its treatment.

  13. Transtornos de humor e de ansiedade comórbidos em vítimas de violência com transtorno do estresse pós-traumático Comorbid mood and anxiety disorders in victims of violence with posttraumatic stress disorder

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lucas C. Quarantini

    2009-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Buscar estudos que avaliem a comorbidade entre transtorno de estresse pós-traumático e transtornos do humor, bem como entre transtorno de estresse pós-traumático e outros transtornos de ansiedade. MÉTODO: Revisamos a base de dados do Medline em busca de estudos publicados em inglês até abril de 2009, com as seguintes palavras-chave: "transtorno de estresse pós-traumático", "TEPT", "transtorno de humor", "transtorno depressivo maior", "depressão maior", "transtorno bipolar", "distimia", "transtorno de ansiedade", "transtorno de ansiedade generalizada", agorafobia", "transtorno obsessivo-compulsivo", "transtorno de pânico", "fobia social" e "comorbidade". RESULTADOS: Depressão maior é uma das condições comórbidas mais frequentes em indivíduos com transtorno de estresse pós-traumático, mas eles também apresentam transtorno bipolar e outros transtornos ansiosos. Essas comorbidades impõem um prejuízo clínico adicional e comprometem a qualidade de vida desses indivíduos. Comportamento suicida em pacientes com transtorno de estresse pós-traumático, com ou sem depressão maior comórbida, é também uma questão relevante, e sintomas depressivos mediam a gravidade da dor em sujeitos com transtorno de estresse pós-traumático e dor crônica. CONCLUSÃO: Os estudos disponíveis sugerem que pacientes com transtorno de estresse pós-traumático têm um risco maior de desenvolver transtornos afetivos e, por outro lado, transtornos afetivos pré-existentes aumentam a propensão ao transtorno de estresse pós-traumático após eventos traumáticos. Além disso, vulnerabilidades genéticas em comum podem ajudar a explicar esse padrão de comorbidades. No entanto, diante dos poucos estudos encontrados, mais trabalhos são necessários para avaliar adequadamente essas comorbidades e suas implicações clínicas e terapêuticas.OBJECTIVE: To review studies that have evaluated the comorbidity between posttraumatic stress

  14. Antioxidantes, atividade física e estresse oxidativo em mulheres idosas Antioxidants, physical activity and oxidative stress in older women

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Rubens Rebelatto

    2008-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Verificar a influência da suplementação de vitaminas antioxidantes na dieta de mulheres idosas que praticam exercícios físicos regulares, sobre o estresse oxidativo, indicadores da saúde física e risco de enfermidades cardiovasculares (ECV. MÉTODO: Foram observados dois grupos (S e C de mulheres com idades entre 60 e 80 anos participantes de um programa de atividades físicas durante 58 semanas, com freqüência de três vezes por semana e duração de 50 a 55 minutos cada sessão. A dieta habitual do Grupo S (n=36 foi suplementada diariamente com 330 ml de uma bebida antioxidante (FuncionaTM; o Grupo C (n=32 ingeriu água e se caracterizou como controle. Como indicadores do estresse oxidativo foram determinadas as concentrações plasmáticas de glutationa reduzida (GSH e oxidada (GSSG, calculada a relação molar GSH/GSSG, e identificado o dano oxidativo em lipídios e proteínas. As condições físicas e cardiovasculares foram avaliadas por meio dos parâmetros antropométricos habituais (peso, altura e índice de massa corporal e da pressão arterial. RESULTADOS: O Grupo C apresentou aumentos significativos do estresse oxidativo, redução da pressão arterial e dos valores médios de indicadores de risco de ECV. O Grupo S teve o estresse oxidativo reduzido significativamente e apresentou incremento dos ganhos cardiovasculares. Não foram identificadas significâncias em relação aos efeitos ergogênicos. CONCLUSÃO: Os dados indicam que mulheres idosas que realizam exercícios físicos freqüentes melhoram suas condições físicas e cardiovasculares e que o suplemento dietético continuado de alimentos funcionais antioxidantes podem minimizar os efeitos danosos das espécies reativas de oxigênio.OBJECTIVE: To verify the influence of dietary antioxidant supplementation in older women who regularly practice physical activities, on the occurrence of oxidative stress, physical health and risk of cardiovascular diseases

  15. Influência da idade e do estresse cíclico de calor no perfil bioquímico sérico em frangos de corte

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João Paulo Rodrigues Bueno

    2017-06-01

    Full Text Available Objetivou-se avaliar a influência da idade e do estresse cíclico por calor durante uma hora por dia, nas concentrações das proteínas, metabólitos e enzimas séricas em frangos de corte de 21 a 42 dias de idade. Foram utilizados 420 pintos de corte machos, da linhagem Cobb Avian48TM, em um delineamento inteiramente casualizado, composto de dois tratamentos e seis repetições. Os tratamentos foram constituídos de dois ambientes térmicos: um para frangos de corte criados em condições naturais de temperatura e umidade do primeiro ao 42° dia de idade (controle; e outro para estressados por calor à 36 °C do 16° ao 42° dia, durante uma hora do dia (12h00m às 13h00m. No 21º, 28º, 35º e 42º dias de idade, foram coletados em duas aves por repetição aproximadamente 5mL de sangue por punção cardíaca. Foram determinadas em cada amostra de soro as concentrações de proteína total, albumina, globulinas, relação A/G, aspartato aminotransferase, alanina aminotransferase, gama glutamiltransferase, ácido úrico, creatinina, colesterol total, triacilgliceróis, lipoproteínas de alta densidade, lipoproteínas de muito baixa densidade, lipoproteínas de baixa densidade e glicose. Para as concentrações de glicose, ácido úrico, alanina aminotransferase, triacilgliceróis e lipoproteínas de muito baixa densidade, não houve diferenças significativas para ambiente e idade. Observou-se interação significativa entre ambiente e idade para os valores de colesterol e lipoproteínas de baixa densidade. Aos 21 dias de idade o colesterol e as LDL-C foram maiores nas aves em estresse comparados àquelas do tratamento controle, o que não ocorreu nas demais idades. A aspartato aminotransferase nos frangos sob estresse cíclico de calor foi maior em comparação ao tratamento controle e apresentou efeito cúbico para ambiente. A idade das aves influenciou os valores de proteínas totais, albumina, globulina, albumina: globulina, creatinina

  16. Cognitive and emotional effects of occupational stress in nursing professionals Efectos cognitivos y emocionales del estrés ocupacional en profesionales de enfermería Efeitos cognitivos e emocionais do estresse ocupacional em profissionais de enfermagem

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bruna Paschoalini

    2008-01-01

    equipe de enfermagem; escores altos no rastreio de depressão foram associados a escores cognitivos baixos. CONCLUSÃO: Auxiliares e técnicos de enfermagem e enfermeiros foram afetados pelo estresse, portanto, atenção à saúde do trabalhador deve ser oferecida a toda a equipe de enfermagem.

  17. Análise da vitamina C sérica e ingerida e estresse oxidativo em crianças e adolescentes infectados pelo vírus da imunodeficiência humana

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Karoline Faria de Oliveira

    2011-12-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Verificar adequação do consumo de vitamina C em crianças e adolescentes infectados pelo vírus da imunodeficiência humana (HIV, avaliar níveis séricos da vitamina e indicadores de estresse oxidativo, comparar ao grupo não infectado, correlacionar a vitamina sérica ao estresse oxidativo e associá-los segundo os valores de referência. MÉTODOS: Estudo seccional transversal comparativo. Dois grupos com 27 crianças e adolescentes cada, de 3 a 19 anos, sendo G1 infectados pelo HIV por transmissão vertical atendidos em ambulatório regional e G2 indivíduos convidados sem histórico de infecção pelo HIV. Foram pareados por sexo, idade e condição socioeconômica. Avaliou-se: antropometria (índice de massa corporal para idade, ingestão e consumo do micronutriente, análise sérica da vitamina C, proteína C reativa e albumina. RESULTADOS: Idade média encontrada de 12 anos, prevalência do sexo feminino (17 - 63% e da classe econômica C (27 - 50%. Diagnóstico nutricional prevalente foi eutrofia em 20 (74,1% em G1 e 21 (77,8% em G2. O consumo de vitamina C foi significativamente maior em G1 (p = 0,006; t = 2,987 pelo método recordatório 24 horas. Houve diferença significativa da dosagem sérica de vitamina C, sendo menor em G1 (p = 0,000; t = -7,309. Em relação ao estresse oxidativo, os valores da proteína C reativa em G1 foram significativamente maiores (p = 0,007; t = 2,958. Não houve relação entre deficiência da vitamina, proteína C reativa e albumina. CONCLUSÃO: Os resultados encontrados mostram que indivíduos infectados pelo HIV apresentam baixos valores da vitamina C, não relacionados à alimentação, uma vez que o consumo desse micronutriente foi superior ao grupo comparativo, que não apresentou essa depleção. Existem peculiaridades nos indivíduos infectados que aumentam o estresse oxidativo, evidenciado pelo aumento da proteína C reativa.

  18. PARÂMETROS ATMOSFÉRICOS E DA CULTURA UTILIZADOS NO CÁLCULO DO ÍNDICE DE ESTRESSE HÍDRICO DA CULTURA DO ALGODÃO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Silvia Oliveira Dayube

    2017-02-01

    Full Text Available O monitoramento da planta destaca-se como o método ideal de manejo de irrigação, Alguns modelos de indicadores do estresse das culturas foram desenvolvidos, entre os quais se encontra o Índice de Estresse Hídrico da Cultura (IEHC, ou CWSI – Crop Water Stress Index proposto por Idso et al. (1981, que correlaciona a diferença de temperatura da folha e do ar (Tc-Ta com o déficit de pressão do vapor d’água (DPV. Desta forma, objetivou-se analisar os parâmetros atmosféricos (Ta, e umidade relativa do ar e da cultura (Tc, medidos com um termômetro infravermelho, que são utilizados para calcular o CWSI do algodoeiro irrigado. Plantas em condições normais de transpiração apresentam valores de Ta superiores a Tc. Altas temperaturas associadas a baixa disponibilidade hídrica, resulta em temperatura foliar acima do ideal. O CWSI do algodoeiro foi classificado como favorável na maioria dos dias avaliados. O método pode ser empregado no monitoramento da irrigação.

  19. Aposentadoria por invalidez de trabalhadores da área da saúde de um hospital universitário Disability retirement of workers in the health field at a university hospital

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Júlia Trevisan Martins

    2017-01-01

    Full Text Available Objetivo: Identificar as causas da aposentadoria por invalidez de trabalhadores da área da saúde de um hospital universitário. Método: Estudo seccional retrospectivo, realizado em 2014, por meio da análise dos registros dos prontuários de saúde dos trabalhadores da área da saúde do hospital universitário de uma universidade pública paranaense que se aposentaram por invalidez, no período de 2000 a 2013. Os dados foram analisados por meio de estatística descritiva e inferencial, considerando o nível de significância de 5% (p<0,05. Resultados: Foram concedidas 40 aposentadorias por invalidez. As principais causas da aposentadoria por invalidez foram os transtornos mentais e comportamentais (45,0%, seguidos pelas doenças osteomusculares (25,0%, as doenças do aparelho circulatório (7,5% e as neoplasias (7,5%. Não ouve associação significativa entre as variáveis estudadas. Conclusão: Os grupos de doenças que levaram a aposentadoria por invalidez são as mais comuns entre a população brasileira e passíveis de prevenção.

  20. VIOLÊNCIA SIMBÓLICA NO TRABALHO: CONSIDERAÇÕES EXPLORATÓRIAS SOBRE A NOVA ONTOLOGIA DO TRABALHADOR NA PÓS-MODERNIDADE

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristina Myuki Hashizume

    2014-12-01

    Full Text Available Apesar de já termos superado modelos de trabalho que desconsideravam a inteligência do funcionário, encarando-o como máquina, como os modelos Taylorista e Fordista, e termos ingressado numa nova ordem de relações organizacionais mais horizontalizadas que valorizam a participação e a criatividade do funcionário (Toyotismo, ainda é notável a exploração desigual da empresa em relação ao funcionário em nome da ética do capital. O mundo pós moderno rompe com paradigmas e parâmetros estáveis da organização do mundo moderno, inserindo valores como o risco, a flexibilidade, a ilegibilidade, deixando o trabalhador à deriva da possibilidade de planejar sua carreira profissional a médio ou longo prazo. Com isso, deparamo-nos com um trabalhador que tem a sua rotina e valores (caráter desvirtuados por uma lógica que prioriza a subserviência às mudanças instantâneas do mercado. Sennet (2000 propõe um entendimento de que o caráter do trabalhador pós moderno está corroído, tamanha é a instabilidade e a dificuldade de se manter os laços e compromissos entre trabalhadores e destes com a chefia. Frente a esse cenário, surge um novo paradigma, que elegemos como nosso tema no presente artigo, que instiga os trabalhadores e grandes empresários a cultuar a sua auto performance (EHRENBERG, 2010. A figura do workaholic, outrora vista como uma patologia, hoje é considerada o ideal de dedicação no trabalho. O mundo do trabalho pós-moderno assimila o discurso do competidor esportista: por se tratar de um jogo, ainda que as metas não tenham sido alcançadas naquela ocasião, há novas oportunidades de se recuperá-la, em outras partidas. Dessa forma, controla-se o sujeito de forma onipresente, como já havia teorizado Delleuze (1992, em sua sociedade do controle. No presente trabalho iremos focar a violência simbólica cometida pelas corporações em relação a seus funcionários. Nosso objetivo é demonstrar teoricamente que

  1. O Papel da epidemiologia no planejamento das ações de saúde bucal do trabalhador Epidemiology role in worker oral health actions planning

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tatiana Frederico de Almeida

    2005-12-01

    Full Text Available Este é um estudo de revisão que sistematiza achados de pesquisas sobre exposições ocupacionais e seus efeitos na saúde bucal, destacando a importância dos dados epidemiológicos no planejamento de programas de saúde bucal do trabalhador. Existem relatos de associação potencial entre exposições ocupacionais e alterações bucais; entretanto, são escassos os estudos sobre as condições de saúde bucal dos trabalhadores em países em desenvolvimento como o Brasil. Entre as exposições ocupacionais presentes na literatura odontológica, observa-se uma predominância de estudos sobre substâncias ácidas e também exposições relacionadas com o açúcar, como a poeira de açúcar. As alterações bucais podem manifestar-se tanto nos tecidos duros (cárie, erosão dental, etc. como nos tecidos moles (lesões da mucosa oral, doenças periodontais, etc. Por outro lado, observa-se que os programas de saúde bucal do trabalhador, quando existem, muitas vezes não consideram as especificidades dessa parcela da população que, além de exposta aos fatores de risco mais conhecidos das principais doenças bucais, está submetida a outros fatores relacionados ao ambiente de trabalho. Assim, considera-se relevante a discussão sobre a necessidade de maior produção de conhecimento nessa área, de capacitação de recursos humanos e de implementação de programas mais efetivos, baseados nos princípios da vigilância em saúde do trabalhador.This study is a review of published research findings in occupational exposures and their impact on oral health, emphasizing the relevance of epidemiological studies in the planning of workers' oral health programs. There are some studies reporting potential association between occupational exposures and oral diseases; nevertheless, there are few studies concerning workers oral health conditions in developing countries, as Brazil. In current dental literature related to occupational exposures, there are

  2. Fatores associados à capacidade para o trabalho de trabalhadores do Setor Elétrico Factors associated with labor capacity in electric industry workers

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Carmen Martinez

    2009-04-01

    Full Text Available O Setor Elétrico passou por recente processo de reestruturação produtiva com reflexos nas condições e organização do trabalho, podendo comprometer a capacidade para o trabalho. Este estudo objetivou avaliar fatores associados à capacidade para o trabalho junto a 475 trabalhadores de uma empresa do Setor Elétrico no Estado de São Paulo, Brasil. Neste estudo transversal foi realizada análise descritiva e análise de regressão linear múltipla. A média do Índice de Capacidade para o Trabalho (ICT foi de 41,8 pontos (escala de 7,0 a 49,0 pontos. A análise múltipla mostrou que os fatores que melhor explicaram a variabilidade do ICT foram estresse no trabalho (p The Brazilian electric utility sector has recently undergone major industrial restructuring, with impacts on working conditions and work organization that could jeopardize the capacity for work. This study aimed to evaluate factors associated with labor capacity in a sample of 475 workers from an electric utility company in the State of São Paulo, Brazil. This cross-sectional study included descriptive and multiple linear regression analyses. The mean labor capacity index (LCI was 41.8 points (on a scale from 7.0 to 49.0. Multiple regression showed that the factors that best explained LCI variability were work stress (p < 0.001 and physical health (p < 0.001 in all the dimensions. In a separate analysis, excluding all the health dimensions, the variables associated with LCI were work stress (p < 0.001, workplace (p = 0.022, physical activity (p = 0.001, alcohol consumption (p = 0.012, and body mass index (p < 0.001. The results highlighted aspects to be considered when developing measures to protect labor capacity, with an emphasis on stress prevention and health promotion.

  3. Comunicação por impressos na saúde do trabalhador: a perspectiva das instâncias públicas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kelly-Santos Adriana

    2005-01-01

    Full Text Available O artigo apresenta os resultados de uma pesquisa que investigou os processos comunicativos mediados por impressos (cartazes, fôlderes, cartilhas de instâncias públicas atuantes no binômio saúde-trabalho. Objetivamos oferecer subsídios teórico-metodológicos para que a Saúde do Trabalhador possa aprimorar as práticas comunicativas em curso. Realizamos a análise de 80 impressos produzidos por cinco instâncias e entrevistas com atores centrais de Programas de Saúde do Trabalhador. Verificamos que a segmentação do público é raramente abordada pelo pólo emissor, que discute simultaneamente uma série de temas, privilegiando sua própria perspectiva. As intenções do pólo emissor são as de informar o leitor sobre processo saúde-doença relacionado com o trabalho e orientá-lo quanto à adoção de procedimentos e comportamentos para promoção de saúde. Consideramos que o pólo emissor apresenta uma concepção instrumental de comunicação, fundamentada na transmissão de conhecimentos de forma linear e verticalizada. A saúde é discutida de maneira restrita reproduzindo os discursos dos modelos sanitário e biomédico. Concluímos que há uma tendência a utilizar os impressos como um fim, o que contribui para demarcar a distância entre os interlocutores no processo comunicativo mediado.

  4. Prevalência de isquemia induzida por estresse mental Prevalence of induced ischemia by mental distress

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gustavo Borges Barbirato

    2010-03-01

    Full Text Available FUNDAMENTOS: A cintilografia miocárdica com estresse mental parece induzir isquemia através de uma fisiopatologia particular quando comparada com a cintilografia, utilizando o estresse físico ou farmacológico. OBJETIVO: Avaliar a prevalência de isquemia miocárdica induzida por estresse mental, em pacientes com dor torácica e cintilografia com estresse convencional normal, utilizando 99mTc-Sestamibi. MÉTODOS: 22 PAcientes foram admitidos com dor torácica na emergência, ou foram encaminhados ambulatorialmente ao serviço de medicina nuclear da nossa instituição, onde realizaram cintilografia miocárdica de estresse e repouso sem alterações isquêmicas. Então, foram convidados a realizar uma fase adicional com indução de estresse mental através do conflito de cores (Stroop Color Test com o objetivo de detectar isquemia miocárdica. Dois cardiologistas e médicos nucleares realizaram a análise cega dos dados perfusionais e consequente quantificação através do SDS (Summed Diference Score, pontuando os segmentos com alteração perfusional após o estresse mental e comparando com a imagem de repouso. A presença de isquemia miocárdica foi considerada com SDS > 3. RESULTADOS: A prevalência de isquemia miocárdica induzida por estresse mental foi de 40% (9 pacientes positivos. Nos 22 pacientes estudados não houve diferença estatística quanto ao número de fatores de risco, alterações hemodinâmicas induzidas pelo estresse mental, uso de medicações, sintomas apresentados, presença ou ausência de doença coronariana e variações da fração de ejeção e volume sistólico final do Gated SPECT. CONCLUSÃO: EM Uma amostra selecionada de pacientes com dor torácica e cintilografia miocárdica convencional normal, a pesquisa de isquemia miocárdica induzida pelo estresse mental através de cintilografia pode ser positiva em até 40% dos casos.BACKGROUND: The myocardial radionuclide imaging with mental distress seems to induce

  5. Atitude frente à dor em trabalhadores de atividades ocupacionais distintas: uma aproximação da psicologia cognitivo-comportamental Attitude of workers with chronic pain in different occupational activities: an approach of the cognitive-behaviorist psychology

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mônica A. G. de Lima

    2005-03-01

    Full Text Available Este estudo apresenta o perfil da atitude frente à dor em trabalhadores inseridos em atividades ocupacionais distintas com diagnóstico de LER/DORT acompanhados pelo Centro de Estudos da Saúde do Trabalhador do Estado da Bahia (CESAT/Ba. Foram entrevistados 65 trabalhadores numa amostra de conveniência. Utilizou-se como instrumento o Inventário de Atitudes Frente à Dor, na versão reduzida IAD, adaptado para língua portuguesa, contando com sete domínios ou escalas: cura médica, controle, solicitude, incapacidade, medicação, emoção e dano físico. Na análise procedeu-se a comparação das médias das escalas do IAD-breve entre as atividades ocupacionais e as variáveis socioculturais. A comparação das escalas entre as atividades ocupacionais, sexo e limitação para o trabalho revela diferenças entre as médias do domínio dano físico numa direção mais desfavorável para os industriários, sexo masculino e menor limitação para o trabalho e nos domínios emoção e controle mais favorável entre os praticantes de religião. Esses achados apontam para a possibilidade de utilização dessa abordagem para uma melhor compreensão da complexidade do fenômeno da dor crônica, assim como a necessidade de expandir o conceito da assistência e reabilitação desses trabalhadores tendo como referência um modelo de cuidado integral.This study presents the attitude of workers in different activities (bank workers, checkout workers and industrial workers with chronic pain related to the Repetition Strain Injures (RSI diagnosed in an occupational outpatient clinic - Centro de Estudos da Saúde do Trabalhador (CESAT, in the State of Bahia, Brazil. Sixty five workers from a convenience sample were interviewed, using the short version of the Survey of Pain Attitude, adapted to the Portuguese language. This questionnaire contains seven domains: control, emotion, disability, physical impairment, medication, solicitude, medical cure. Student

  6. Responsabilidade Social Empresarial: oportunidades perdidas para trabalhadores e empregadoresCorporate Social Responsability: lost opportunities for workers and employersResponsabilidad Social Empresarial: las oportunidades perdidas por los trabajadores y empresarios

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pedro Paulo Barros Gonçalves

    2008-09-01

    Full Text Available RESUMOO objetivo deste artigo é verificar como a negociação coletiva entre trabalhadores e empregadores está refletindo o discurso da Responsabilidade Social Empresarial (RSE no tocante aos trabalhadores. O referencial teórico trata dos impactos das transformações no mundo do trabalho sobre os sindicatos de trabalhadores e de empregadores. Trata também do sindicalismo de empregadores, tema pouco explorado na literatura. A pesquisa qualitativa abrangeu três negociações coletivas que englobam, de um lado, três sindicatos de trabalhadores e, de outro lado, duas empresas e um sindicato de empregadores, dentre os mais atuantes das regiões metropolitanas do sudeste brasileiro. Foram utilizados como variáveis de análise os indicadores do Instituto Ethos que balizam os parâmetros de RSE na relação da empresa com os trabalhadores. Os resultados da pesquisa indicam que nem as empresas nem os sindicatos pesquisados relacionaram os temas reivindicados, negociados e/ou acordados com os indicadores Ethos de RSE. Muitas cláusulas se constituíam como indicadores de RSE de fato, mas não foram entendidas como tal pelos dois lados.ABSTRACTThe purpose of this article is to discuss how collective bargaining between employees and employers reflects Corporate Social Responsibility (CSR discourse regarding to employees. The theoretical framework discusses the changes in industrial relations, especially those related to workers unions and also to the employers organizations. We also analyze the employers’ organizations which is a rarely explored theme in literature. The qualitative research encompassed three collective negotiations among, on one hand three unions of workers and on the other hand two companies and one employer organization among the most actives in the metropolitan region of southeastern Brazil. The CSR indicators issued by Instituto Ethos were used as variables of analysis. The results show that neither the companies nor the

  7. Occupational stress and work capacity of nurses of a hospital group Estrés laboral y capacidad para el trabajo de enfermeros de un grupo hospitalario Estresse laboral e capacidade para o trabalho de enfermeiros de um grupo hospitalar

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Christian Negeliskii

    2011-06-01

    ção entre o estresse laboral e o índice de capacidade para o trabalho, de 368 enfermeiros (82,1% da população de um grupo hospitalar. Utilizou-se um questionário com questões sócio-ocupacionais e duas escalas: a Job Stress Scale e o índice de capacidade para o trabalho. O grupo de enfermeiros era predominantemente feminino (93,2%, trabalhando em atividades assistenciais (63,9%, possuía pelo menos um curso de pós-graduação (76% e satisfeito com a unidade onde trabalhava (70,5%. O estresse laboral está presente em 23,6% dos enfermeiros, e, desses, 15,2% apresentam alta exigência no trabalho e 8,4% trabalho passivo. O apoio social exerce influência positiva significativa sobre todos os grupos - expostos e não expostos ao estresse laboral. Quanto à capacidade para o trabalho, essa é moderada (28-36 pontos para 51,4% dos enfermeiros e boa (37-43 pontos para 47,4%. Não há correlação entre o estresse e a capacidade para o trabalho.

  8. Associação entre perda auditiva induzida pelo ruído e zumbidos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Dias Adriano

    2006-01-01

    Full Text Available O estudo verificou a associação entre perda auditiva induzida por ruído (PAIR e queixa de zumbido em trabalhadores expostos ao ruído ocupacional. Foram entrevistados e avaliados trabalhadores com histórico de exposição ao ruído ocupacional atendidos em dois ambulatórios de audiologia. Estudou-se a existência de associação entre PAIR e ocorrência de zumbido por intermédio do ajuste de modelo de regressão logística, tendo como variável dependente o zumbido e como variável independente a PAIR, classificada em seis graus, controlada pelas co-variáveis idade e tempo de exposição ao ruído. Os dados foram coletados entre abril e outubro de 2003, na Cidade de Bauru, Estado de São Paulo, Brasil, contemplando 284 trabalhadores. Estimou-se que a prevalência de zumbido aumenta de acordo com a evolução do dano auditivo, controlado para a idade e tempo de exposição ao ruído. Os achados justificam o investimento em programas de conservação auditiva particularmente voltados para o controle da emissão de ruídos na fonte e para a intervenção na evolução das perdas auditivas geradas pela exposição ao ruído visando à manutenção da saúde auditiva e à diminuição dos sintomas associados.

  9. La experiencia del partido dos trabalhadores en la alcadía de Sao Paulo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lúcio KOWARICK

    2009-11-01

    Full Text Available RESUMEN: En este artículo, Lucio Kowarick y André Singer analizan la gestión del Partido dos Trabalhadores en la Alcaldía de Sao Paulo encabezada por Luiza Erundina. Con esta evaluación pretenden conocer la acción del PT a través de uno de sus principales elementos de construcción del PT, el gobierno de las ciudades, que complementa a los otros dos, la vinculación con los movimientos sindicales y populares y la acción parlamentaria.ABSTRACT: In this article, Lucio Kowarick and Andre Singer analyses the government of Sao Paulo by Partido dos Trabalhadores, with Luiza Erundina. With this evaluation, they try to know the action of PT through one of the main elements of contruction of PT, the government of cities. The other are links with trade unions and popular movements and parliamentarian action.

  10. Estresse durante a gestação e desmama e sua influência no desempenho de cordeiros

    OpenAIRE

    Fábio Luís Henrique

    2015-01-01

    Este trabalho foi desenvolvido com o objetivo de verificar a possível influência do estresse gestacional, pela indução de Lipopolissacarídeo (E. coli) sobre a relação materno filial e desempenho do cordeiro, assim como o estresse da desmama sobre o desempenho em confinamento e nas características da carcaça. A execução do experimento aconteceu de dezembro de 2013 a julho de 2014 no anexo do Laboratório de Biometeorologia e Etologia localizado no setor de caprino e ovinocultura da Prefeitura d...

  11. Uso de bioestimulante como agente amenizador do estresse salino na cultura do milho pipoca

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francisco de Assis de Oliveira

    2016-06-01

    Full Text Available RESUMO O uso de bioestimulantes tem se difundido na agricultura brasileira, promovendo o crescimento e aumento na produtividade das culturas, mas ainda são incipientes estudos sobre o uso destas substâncias em plantas sob estresse, principalmente sobre estresse salino. Objetivou-se avaliar o uso de bioestimulante como agente amenizador do estresse salino na cultura do milho pipoca. O experimento foi conduzido em ambiente protegido no Campus da Universidade Federal Rural do Semi-Árido, em Mossoró-RN. Utilizou-se o delineamento experimental inteiramente casualizado, com os tratamentos distribuídos em esquema fatorial 2 x 4, referentes a dois níveis de salinidade da água de irrigação (0,5 e 4,5 dS m-1 e quatro doses de bioestimulante aplicado via tratamento de sementes (0; 5; 10 e 20 mL kg-1 de sementes, com cinco repetições. Utilizou-se o bioestimulante comercial Stimulate® (0,009% citocinina, 0,005% giberelina e 0,005% de auxina e as plantas foram coletadas aos 50 dias após a semeadura. Foram avaliadas as seguintes variáveis: altura de plantas, diâmetro do colmo, número de folhas, área foliar, massa seca de colmo, massa seca de folhas, massa seca de raiz, massa seca de pendão, massa seca total e área foliar específica. O uso de água salina na irrigação provocou redução na maioria das variáveis de crescimento do milho doce, independentemente do tratamento de sementes com bioestimulante. O tratamento de sementes com Stimulate® promove o desenvolvimento de plantas de milho pipoca, mais não inibiu nem amenizou o efeito da salinidade sobre as plantas.

  12. Reestruturação produtiva e saúde do trabalhador: um estudo de caso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Silvia Monteiro

    1998-04-01

    Full Text Available Foi realizado um estudo de caso em uma empresa tendo como objetos da pesquisa a forma de administração praticada e os trabalhadores da área de produção, e como objetivo identificar os possíveis efeitos das estratégias participativas no trabalho sobre a saúde dos trabalhadores. Analisaram-se dados relativos à empresa: histórico, características da administração praticada, organização da produção e do processo de trabalho; e também dados relacionados aos trabalhadores da área de produção: idade, grau de escolaridade, percepção sobre o trabalho, vida familiar, vida social, lazer e morbidade referida. Concluiu-se que as características da administração praticada tiveram origem nas idéias vindas do Japão, incluindo a flexibilização da produção, a terceirização, a polivalência e a participação no trabalho. Para os trabalhadores, a participação no trabalho foi sempre referida de forma ambígua, alguns relatando efeitos positivos, como maior liberdade e respeito, com boas repercussões na vida dentro e fora do trabalho. Para uma parte da população estudada, as características da organização do trabalho praticada na empresa têm efeitos deletérios sobre sua saúde, gerando queixas de dificuldade para dormir, nervosismo, sonhos com o trabalho, dores de cabeça etc.

  13. Reestruturação produtiva e saúde do trabalhador: um estudo de caso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Monteiro Maria Silvia

    1998-01-01

    Full Text Available Foi realizado um estudo de caso em uma empresa tendo como objetos da pesquisa a forma de administração praticada e os trabalhadores da área de produção, e como objetivo identificar os possíveis efeitos das estratégias participativas no trabalho sobre a saúde dos trabalhadores. Analisaram-se dados relativos à empresa: histórico, características da administração praticada, organização da produção e do processo de trabalho; e também dados relacionados aos trabalhadores da área de produção: idade, grau de escolaridade, percepção sobre o trabalho, vida familiar, vida social, lazer e morbidade referida. Concluiu-se que as características da administração praticada tiveram origem nas idéias vindas do Japão, incluindo a flexibilização da produção, a terceirização, a polivalência e a participação no trabalho. Para os trabalhadores, a participação no trabalho foi sempre referida de forma ambígua, alguns relatando efeitos positivos, como maior liberdade e respeito, com boas repercussões na vida dentro e fora do trabalho. Para uma parte da população estudada, as características da organização do trabalho praticada na empresa têm efeitos deletérios sobre sua saúde, gerando queixas de dificuldade para dormir, nervosismo, sonhos com o trabalho, dores de cabeça etc.

  14. OS DESCAMINHOS NA FRONTEIRA: FISCAIS DO ESTADO E TRABALHADORES NOS PROCESSOS DE APREENSÃO DE MERCADORIAS NA FRONTEIRA BRASIL-PARAGUAI (1980-2015

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cíntia Fiorotti

    2015-08-01

    Full Text Available Neste texto nos concentramos em analisar parte das relações de trabalho vividas na fronteira Brasil-Paraguai, buscando compreender como trabalhadores envolvidos com o comércio e transporte de mercadorias na fronteira, interpretam e lidam com as mudanças ocorridas em suas atividades laborais entre 1980 e 2015. O local de estudo envolve algumas cidades da Costa Oeste do Paraná localizadas na fronteira com o Leste do Paraguai, dando ênfase à Guaíra-Pr, Salto del Guairá/PY e, também, Mundo Novo no estado do Mato Grosso do Sul. Para tanto, utilizamos como fontes alguns autos criminais de comarcas regionais entre 1980 a 1990, legislações brasileiras, jornais locais e entrevistas com vendedores em lojas e ambulantes em Salto del Guairá, atravessadores de mercadorias na fronteira e ex-funcionários da receita federal que viveram e trabalharam nesta região de fronteira.

  15. Levantamento soroepidemiológico de leptospirose em trabalhadores do serviço de saneamento ambiental em localidade urbana da região sul do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Almeida Laerte Pereira de

    1994-01-01

    Full Text Available A pesquisa de aglutininas anti-Leptospira, pela técnica de soroaglutinação microscópica, em soros de trabalhadores dos serviços de águas, bueiros e galerias, esgotos, coleta de lixo e limpeza pública, do Município de Pelotas, RS, Brasil, revelou 10,4% de reagentes a um ou mais sorovares; não houve diferenças significantes entre as proporções de reagentes de cada um dos setores de trabalho. Foram identificados 12 sorovares diferentes; castelonis e australis, apesar de mais freqüentes, não apresentaram diferenças estatisticamente significantes com os demais. Constatou-se que 86,9% das amostras apresentavam títulos aglutinantes compreendidos entre 100 e 400; as proporções de soros com títulos iguais a 100 e 400 foram superiores às dos títulos 800, 1.600 e 3.200 (p < 0,05.

  16. PRESENÇA DE DISLIPIDEMIA E USO DE ESTATINAS EM TRABALHADORES DA AGROINDÚSTRIA E PRODUTORES RURAIS: ESTUDO PRELIMINAR

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Caroline Glier

    2014-11-01

    Full Text Available Alterações no perfil lipídico estão relacionados ao estilo de vida e comumente são tratadas com estatinas. Desta forma, esta pesquisa objetiva caracterizar trabalhadores da agroindústria e produtores rurais quanto à presença de dislipidemia e uso de estatinas, associado a variáveis demográficas. Estudo transversal e analítico, com 127 sujeitos da região do Conselho Regional de Desenvolvimento do Vale do Rio Pardo, avaliados em 2012-2013. O uso de estatinas bem como as variáveis demográficas (sexo, faixa etária, estado civil, classe econômico e escolaridade foram obtidas por questionários. A definição da presença ou ausência de dislipidemia foi definida pelos marcadores bioquímicos, obtidos através de coleta sanguínea, após 12 horas de jejum. Os dados foram analisados com medidas de frequência e percentual, além do teste Exato de Fisher (p < 0,05. Constatou-se que 61,4% dos sujeitos eram dislipidêmicos, dos quais 89,7% não usavam estatinas. Houveram diferenças demográficas quanto a faixa etária entre aqueles que usam ou não estatinas tanto na presença de dislipidemia (p = 0,006 quanto em sua ausência (p=0,022. Verificou-se o desconhecimento e falta de controle dos níveis do perfil lipídico por alguns indivíduos.

  17. Tratamento farmacológico do transtorno de estresse pós-traumático

    OpenAIRE

    Bernik Márcio; Laranjeiras Marcionilo; Corregiari Fábio

    2003-01-01

    Os autores apresentam uma revisão de literatura sobre a farmacoterapia do transtorno de estresse pós-traumático (TEPT). Poucos ensaios clínicos controlados já foram feitos nesta área, mas o interesse no transtorno é crescente. Os antidepressivos, especialmente aqueles com atividade serotonérgica, parecem ser tratamentos farmacológicos eficazes no TEPT, seja como tratamento primário ou em associação com a psicoterapia.

  18. Perfil dos trabalhadores de enfermagem no Programa de Saúde da Família

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rafaela Azenha Teixeira

    2000-09-01

    Full Text Available O estudo objetiva caracterizar a configuração demográfica dos trabalhadores ligados à enfermagem de equipes do PSF de 3 municípios de São Paulo e analisar a percepção destes quanto ao perfil profissional necessário à atuação junto ao PSF. Utilizou-se como instrumento para coleta de dados a entrevista semi-estruturada. Para a sistematização inicial dos dados utilizou-se do software ETHNOGRAPH, e, posteriormente realizou-se análise temática. Os temas identificados na fala dos trabalhadores, apontam para um "perfil necessário" à atuação no PSF: há uma percepção de que os trabalhadores devem ser comunicativos, dedicados, envolvidos, solidários, carinhosos, ter bom relacionamento, disponibilidade e ajudar a população. O conjunto dos dados, embora aponte em alguns momentos para um perfil profissional que contemple uma prática de caráter assistencialista, ao mesmo tempo encaminha para uma reflexão acerca de uma nova configuração da prática assistencial alicerçada na humanização e integralidade da assistência, assim como na construção da cidadania.

  19. ASPECTOS DA VIDA COTIDIANA NA VIDA DO TRABALHADOR: O ESTRANHAMENTO DO TRABALHO E DA CIDADE

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leonardo Luiz Cordeiro Ferreira da Silva

    2017-07-01

    Full Text Available A vida cotidiana do trabalhador da atual sociedade é marcada pela falta de tempo, não lhe sobrando muito tempo para desempenhar outras atividades sem que sejam as profissionais. Parte deste tempo, o trabalhador usa para se deslocar de casa ao trabalho e para volta a casa, evidenciando um modelo precário de transporte público. Além deste excessivo tempo gasto no transporte público, acrescenta-se o fato de como a sociedade moderna coloca o trabalho como atividade central (DAL ROSSO, 2006, desta maneira, a cultura do trabalho como atividade central afasta o ser humano de si, retirando-os o tempo para atividades de lazer, cuidados com suas saúdes, cuidado com a casa, com os filhos e familiares, para estudos e qualificação. Assim sendo, será aqui analisado como esta falta de tempo contribui para alienação e estranhamento deste trabalhador.

  20. Saúde do trabalhador e qualidade de vida: experiência em um batalhão de polícia comunitário do sertão cearense

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Deoclécio Coelho Rodrigues

    2015-05-01

    Full Text Available http://dx.doi.org/10.5007/2175-8042.2015v27n44p142 O presente ensaio foi construído a partir de experiências práticas em uma Companhia do Batalhão da Polícia Militar do Ceará e objetiva discutir a relação existente entre a rotina do trabalho da Polícia Militar do Ceará em detrimento de sua qualidade de vida. Para isto, foi necessário: Identificar a repercussão da rotina de trabalho com a prática de exercícios físicos; apreender possíveis fatores de estresse presentes na prática profissional dos policiais militares; compreender a repercussão do trabalho no cotidiano dos policiais militares.

  1. Mudança significativa do limiar auditivo em trabalhadores expostos a diferentes níveis de ruído Significant auditory threshold shift among workers exposed to different noise levels

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Flavia Cardoso Oliva

    2011-09-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a audição e a ocorrência de mudança significativa do limiar auditivo em trabalhadores de frigoríficos expostos a níveis de ruído abaixo das Normas e Regulamentações nacionais e internacionais e compará-los com trabalhadores expostos a níveis de ruído considerados excessivos. MÉTODOS: Utilizou-se um banco de dados contendo informações longitudinais de 266 trabalhadores. Foram selecionados trabalhadores com um mínimo de três exames audiométricos e os que continham dados de exposição ao ruído. Foram mantidos 63 exames, classificados de acordo com sua exposição ao ruído em três níveis: 79 a 84,9 dB(A, 85 a 89,9 dB(A e 90 a 98,8 dB(A. Foi avaliada a ocorrência de perdas auditivas e de mudança significativa de limiar auditivo dos participantes de cada subgrupo. RESULTADOS: Verificou-se diferenças em todas as frequências nos testes de comparação entre a média dos limiares auditivos para cada frequência em função do nível de exposição ao ruído. A correlação entre a ocorrência de Perda Auditiva Induzida por Níveis de Pressão Sonora Elevados (PAINPSE e os anos de exposição ao ruído dentro da empresa atual foi significativa (R=0,373; p=0,079. Foram encontradas mudanças permanentes de limiar auditivo nos três níveis de exposição ao ruído. CONCLUSÃO: Os achados do presente estudo sugerem a existência de uma associação entre mudança significativa do limiar auditivo dos trabalhadores e os anos de exposição ao ruído considerado de baixo risco.PURPOSE: To assess the hearing status and signs of significant auditory threshold shifts in meat-processing facility workers who are exposed to noise levels below nationally and internationally recommended exposure limits, and to compare these results with data from workers exposed to excessive noise levels. METHODS: Longitudinal audiometric data from 266 workers were evaluated, and only workers with a minimum of three audiometric test results

  2. Influência do posicionamento em prona sobre o estresse no recém-nascido prematuro avaliada pela dosagem de cortisol salivar: um estudo piloto

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Fernanda Cândia

    2014-04-01

    Full Text Available Objetivo: Avaliar a influência da postura em prona sobre o estresse no recém-nascido prematuro por meio da dosagem do cortisol salivar e da avaliação das respostas fisiológicas e comportamentais, antes e após o posicionamento. Métodos: Foi realizada a coleta de saliva em cada recém-nascido em dois momentos: o primeiro (correspondente ao basal, sem manipulação prévia por 40 minutos, em decúbito lateral ou supino; e o segundo, 30 minutos após o posicionamento em prona. A frequência cardíaca e respiratória, saturação periférica de oxigênio e escala de sono de Brazelton foram registradas antes, durante e ao final do posicionamento em prona. Resultados: Participaram do estudo 16 recém-nascidos prematuros (56,3% masculino com idade gestacional de 26 a 36 semanas, com 1 a 33 dias de vida, e peso variando de 935 a 3.050g ao nascimento e de 870 a 2.890g no dia da intervenção. Durante o posicionamento, seis recém-nascidos estavam em ar ambiente e os demais recebiam oxigênio suplementar. A mediana dos níveis de cortisol salivar foi menor durante o posicionamento em prona comparativamente ao basal (0,13 e 0,20; p=0,003, assim como a do escore de sono de Brazelton (p=0,02. A média da frequência respiratória foi menor após a intervenção (54,88±7,15 e 60±7,59; p=0,0004. As demais variáveis analisadas não apresentaram variação significativa. Conclusão: O posicionamento em prona diminuiu significativamente os níveis de cortisol salivar, da frequência respiratória e do escore de sono de Brazelton, sugerindo a correlação entre essa postura e a diminuição do estresse nesses recém-nascidos.

  3. Pré-condicionamento in vitro de plantas de cana-de-açúcar (Saccharum spp. para tolerância ao estresse salino

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gemima M. de Melo

    Full Text Available RESUMO Avaliou-se a capacidade de adaptação à salinidade de mudas de cana-de-açúcar da variedade RB98710 após pré-condicionamento (priming in vitro com cloreto de sódio (NaCl. O experimento foi conduzido no período de maio a outubro de 2013. Plantas foram micropropagadas em biorreatores de imersão temporária, com tratamentos de priming caracterizados pela adição de 25 mM de NaCl, durante 0, 12, 24 e 36 horas. Concluídos os períodos de priming, as plantas foram cultivadas em meio de enraizamento sem NaCl, aclimatizadas e submetidas a tratamento salino gradativo: S0 = sem NaCl; S1 = regas com 20→40→60 mM de NaCl acrescido à solução nutritiva, durante 30 dias. Procedeu-se à supressão do NaCl e avaliaram-se as plantas 15 dias depois. As variáveis foram: matéria seca da parte aérea (MSPA e radicular (MSR, número de perfilhos, estimativa de clorofila (Chl, conteúdo hídrico relativo e dano de membrana. As plantas pré-condicionadas não reduziram a MSPA quando submetidas ao NaCl. O efeito do estresse salino sobre a MSR foi anulado nas plantas submetidas ao priming por 24 h. O priming favoreceu o perfilhamento das plantas dos tratamentos por 24 ou 36 h. A recuperação após o estresse, avaliado 15 dias após a supressão do NaCl, não diferiu entre plantas submetidas ou não ao priming. De acordo com os resultados, o priming utilizado na variedade RB98710, pode favorecer a tolerância à salinidade.

  4. Percepção de estresse e sintomas depressivos: funcionalidade e impacto na qualidade de vida em mulheres com fibromialgia Stress perception and depressive symptoms: functionality and impact on the quality of life of women with fibromyalgia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Diogo Homann

    2012-06-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: A depressão está entre as comorbidades psiquiátricas mais frequentes em pacientes com fibromialgia (FM, e o estresse crônico pode ser um dos eventos desencadeadores dos sintomas característicos da FM. OBJETIVOS: Comparar os sintomas depressivos e a percepção de estresse entre pacientes com FM e controles saudáveis e investigar relações entre essas características e a funcionalidade e o impacto na qualidade de vida no grupo de pacientes. MÉTODOS: Participaram do estudo 20 mulheres diagnosticadas com FM e 20 sem o diagnóstico da doença. Foram aplicados os seguintes questionários: Inventário de Depressão de Beck, Escala de Percepção de Estresse-10, Health Assessment Questionnaire, Fibromyalgia Impact Questionnaire e Escala Visual Analógica de dor (0-10 cm. RESULTADOS: Mulheres com FM apresentaram maior intensidade dos sintomas depressivos (24,10 ± 11,68 e maior percepção de estresse (25,10 ± 4,82 em comparação às controles (10,20 ± 12,78, P INTRODUCTION: Depression is one of the most frequent psychiatric comorbidities in patients with fibromyalgia (FM, and chronic stress might be one of the triggering events of the characteristic FM symptoms. OBJECTIVES: To compare depressive symptoms and stress perception between women with and without FM, in addition to investigate the relationship between those characteristics and the functionality and the impact on the quality of life of those patients. METHODS: The study included 20 women with FM (FM group and 20 healthy women (control group. The following instruments were used: Beck Depression Inventory, Perceived Stress Scale-10, Health Assessment Questionnaire, Fibromyalgia Impact Questionnaire, and Visual Analogue Scale for pain (0-10 cm. RESULTS: The FM group showed higher severity of the depressive symptoms (24.10 ± 11.68 and greater perception of stress (25.10 ± 4.82 as compared with those of the control group (10.20 ± 12.78, P < 0.01;and 15.45 ± 7.29, P < 0

  5. Diagnóstico do transtorno de estresse pós-traumático

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Figueira Ivan

    2003-01-01

    Full Text Available Só recentemente a Psiquiatria Brasileira começou a reconhecer a importância do diagnóstico do transtorno de estresse pós-traumático (TEPT. Embora os brasileiros tenham uma alta prevalência de exposição a eventos traumáticos, como acidentes e homicídios, há poucos estudos teóricos e empíricos sobre o TEPT em nosso país. Este artigo tem como foco descrever brevemente o diagnóstico de TEPT, detalhando sua fenomenologia. Após discutir a definição de evento traumático, nós focalizamos nos desafios do exame psíquico desses pacientes. Em seguida enfatiza-se a descrição dos sintomas do TEPT, dando exemplos clínicos para ilustrar os mais importantes conceitos psicopatológicos. Concluímos, salientando a importância do diagnóstico de TEPT para a Psiquiatria, pois ele fornece uma estrutura referencial-conceitual para a pesquisa dos efeitos do estresse e do trauma.

  6. Cold stress effects on cardiomyocytes nuclear size in: light microscopic evaluation Efeitos do estresse pelo frio sobre o tamanho nuclear do cardiomiócito em ratos: avaliação por microscopia de luz

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriano Meneghini

    2008-12-01

    controlada de -8ºC, durante 4 horas uma única vez. Foi realizada análise histológica de fígados e glândulas adrenais para examinar a condição de estresse. O tamanho do núcleo dos cardiomiócitos foi examinado por três investigadores independentes com o mesmo critério padronizado e posteriormente analisado pelo coeficiente de correlação de Bartko (R>0,75=concordância positiva. Teste t de Student foi aplicado. O nível de significância foi considerado como P<0,05. RESULTADOS: O grupo exposto ao estresse pelo frio apresentou maior depleção de lipídio nas glândulas adrenais (P<0,05 e de glicogênio no fígado (P<0,05. O grupo induzido à hipotermia mostrou menor volume do núcleo de seus cardiomiócitos (108 + 1,7 µm³; P<0,05, reduziu em 76% comparado ao grupo controle (142 + 2,3 µm³. Correlação de Bartko: CON=0,44; IH=0,96, a variação entre a média dos grupos foi significativamente diferente. CONCLUSÃO: Esses resultados sugerem que a exposição ao estresse agudo pelo frio induz redução do núcleo dos cardiomiócitos em ratos.

  7. Perfil antropométrico e a relação da flexibilidade com a dor e desconforto em trabalhadores da indústria de Santa Cruz do Sul – RS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patrik Nepomuceno

    2016-10-01

    Full Text Available Trabalhadores industriários estão expostos a diversas situações que podem agravar a sua saúde. A promoção da saúde no trabalho é de extrema importância e exige intervenção interdisciplinar. Objetivo: identificar o perfil antropométrico e a relação de flexibilidade com a presença de dor e desconforto em trabalhadores da indústria do município de Santa Cruz do Sul, RS. Método: Trata-se de um estudo transversal com trabalhadores industriários. Na avaliação antropométrica foram analisados índice de massa corporal e percentual de gordura, já para a flexibilidade foram realizados os testes do manguito rotador e sentar e alcançar. A dor e desconforto foi identificada através de uma figura do corpo humano onde eles referiam estes sintomas. Resultados: a maioria dos industriários apresentam excesso de peso (56,4% e bom percentual de gordura (49,2%, porém possuem resultados inadequados de flexibilidade de ombro (71,0% e parte posterior de tronco e pernas (64,6% e presença de dor e desconforto em ombros (50% e costas (26,6%. Ao relacionar a flexibilidade com a presença de dor e desconforto, percebe-se que as variáveis não se relacionam diretamente. Considerações finais: o perfil dos trabalhadores da indústria se caracteriza por excesso de peso, baixa aptidão na flexibilidade e presença de dor e desconforto. Sobre a dor e desconforto observa-se uma tendência de associação entre níveis de flexibilidade inadequada e a presença destes sintomas.

  8. Impacto de um programa de musicoterapia sobre o nível de estresse de profissionais de saúde

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gunnar Glauco De Cunto Taets

    Full Text Available Objetivou-se verificar os efeitos de um programa de musicoterapia sobre o nível de estresse de profissionais de saúde. Participaram do estudo 34 voluntários do sexo feminino com 33,3 ± 8,5 anos de idade, de diferentes níveis de atuação profissional. Utilizouse o inventário de sintomas de Stress para adultos de Lipp (ISSL para avaliar o nível de estresse dos participantes antes e após a musicoterapia. O programa foi composto por 12 sessões utilizando as técnicas musicoterápicas de Improvisação e Recriação Musical, realizado uma vez por semana com 50 minutos/sessão em um período de três meses. O teste de Wilcoxon para medidas repetidas foi utilizado para análise estatística. Observou-se uma diminuição estatística significativa (Δ = - 60%, p<0,001 no nível de estresse das profissionais estudadas após o programa de musicoterapia. Conclui-se com o presente estudo que o programa de musicoterapia foi efetivo para diminuir o nível de estresse de mulheres profissionais de saúde que atuam em um hospital privado no município do Rio de Janeiro-RJ.

  9. Impacto de um programa de musicoterapia sobre o nível de estresse de profissionais de saúde

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gunnar Glauco De Cunto Taets

    2013-06-01

    Full Text Available Objetivou-se verificar os efeitos de um programa de musicoterapia sobre o nível de estresse de profissionais de saúde. Participaram do estudo 34 voluntários do sexo feminino com 33,3 ± 8,5 anos de idade, de diferentes níveis de atuação profissional. Utilizouse o inventário de sintomas de Stress para adultos de Lipp (ISSL para avaliar o nível de estresse dos participantes antes e após a musicoterapia. O programa foi composto por 12 sessões utilizando as técnicas musicoterápicas de Improvisação e Recriação Musical, realizado uma vez por semana com 50 minutos/sessão em um período de três meses. O teste de Wilcoxon para medidas repetidas foi utilizado para análise estatística. Observou-se uma diminuição estatística significativa (Δ = - 60%, p<0,001 no nível de estresse das profissionais estudadas após o programa de musicoterapia. Conclui-se com o presente estudo que o programa de musicoterapia foi efetivo para diminuir o nível de estresse de mulheres profissionais de saúde que atuam em um hospital privado no município do Rio de Janeiro-RJ.

  10. Estresse e estressores na pós-graduação: estudo com mestrandos e doutorandos no Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    André Faro

    Full Text Available Esta pesquisa objetivou identificar, segundo mestrandos e doutorandos no Brasil, os principais estressores que ocorrem na pós-graduação, como também buscou determinar o índice de estresse e as variáveis a ele associadas. Participaram 2.157 pós-graduandos, oriundos das cinco regiões do país. Além de coletar dados acerca do perfil sociodemográfico, formação e atuação profissional, aplicaram-se a Escala de Estresse Percebido e uma lista contendo 28 possíveis estressores na pós-graduação. Os resultados revelaram que a média do estresse da amostra total ficou acima do ponto médio da escala. As mulheres da região Norte, estudantes que nunca trabalharam na área de formação, os que não trabalhavam simultaneamente à realização do curso de pós-graduação e os que não pretendiam prosseguir na carreira acadêmica exibiram maior estresse.

  11. Comorbidade no transtorno de estresse pós-traumático: regra ou exceção?

    OpenAIRE

    Margis,Regina

    2003-01-01

    O transtorno de estresse pós-traumático (TEPT) com frequência ocorre conjuntamente com outros transtornos psiquiátricos. Este artigo revisa o TEPT e comorbidades, tais como: transtornos de ansiedade, uso de substâncias, transtorno de humor, tentativas de suicídio, transtorno dissociativo e transtorno somatoforme.

  12. Estresse e suporte social em mães de crianças com necessidades especiais Stress and social support for mothers of children with special needs

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Thelma Simões Matsukura

    2007-12-01

    Full Text Available O objetivo do presente estudo foi avaliar a associação entre estresse e suporte social em mães de crianças com necessidades especiais e mães de crianças com desenvolvimento típico, em famílias de baixa renda. Trata-se de estudo quantitativo com 75 mães de crianças com idade entre quatro e 8 anos, com renda familiar de até quatro salários mínimos, alocadas em dois grupos: mães de crianças com desenvolvimento típico e mães de crianças com necessidades especiais. As participantes responderam ao Inventário de Sintoma de Stress e ao Questionário de Suporte Social. Os resultados indicaram, em ambos os grupos, elevada porcentagem de mães estressadas. Mães de crianças com necessidades especiais contam com um menor número de pessoas suportivas. Observou-se associação negativa entre stress e satisfação com o suporte social. Discute-se que o presente estudo confirma achados de pesquisas anteriores e identifica o papel do suporte social nos processos de adaptação familiar. A associação encontrada entre a satisfação com o suporte social e o estresse aponta para adequação de proposições e implantação de programas de intervenções em saúde para famílias de crianças com necessidades especiais.The aim of this article is to assess the relationship between stress and social support in mothers of children with special needs, as contrasted with mothers of children with typical development, from low income families. In this quantitative study, participants included 75 mothers with children aged four to eight years, with income up to four minimum wages, divided in two groups: mothers of children with typical development and mothers of children with special needs. The mothers answered the Inventory of Stress Symptom and the Social Support Questionnaire. The results showed that mothers of both groups suffered stress. The mothers of children with special needs have a smaller number of people to support them. A negative

  13. EFEITO DO NITRATO DE CÁLCIO NA REDUÇÃO DO ESTRESSE SALINO EM MELANCIEIRA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Guilherme de Freitas Furtado

    2012-10-01

    Full Text Available O excesso de sais no solo ou na água de irrigação tem causado redução no crescimento e na produtividade das culturas por causa do baixo potencial osmótico-hídrico do solo, o que tem prejudicado a absorção de água e nutrientes e a assimilação de CO2 pelas plantas. Assim, o trabalho teve como objetivo avaliar o efeito do nitrato de cálcio na redução do estresse salino em melancieira submetido ao excesso de sais na água de irrigação. O experimento foi desenvolvido no período de 18/09 a 24/11/2009, utilizando-se a variedade ‘Crimson Sweet’. Os tratamentos foram constituídos por dois níveis de salinidade da água de irrigação (0,3 e 5,0 dS m-1 e quatro níveis de N fornecido na forma de nitrato de cálcio (5,5, 6,25, 7,0 e 8,5 g de N planta-1. O delineamento experimental utilizado foi em blocos casualizados, no esquema fatorial 2 x 4, com quatro repetições. Os maiores valores de fotossíntese, condutância estomática, transpiração, área foliar, número de folhas por planta e massa seca total foram observados em plantas de melancia irrigadas com água normal (0,3 dS m-1 em relação a salina (5,0 dS m-1 e nas doses de N compreendidas entre 5,93 e 7,22 g de N. O fornecimento de N na forma de nitrato de cálcio foi eficiente em reduzir na melancieira o efeito estressante causado pela salinidade da água de irrigação até a dose de 6,20 g de N por planta. Em termos absolutos pode-se afirmar que o melhor desempenho da melancieira foi obtido na dose 6,5 g de N por planta para ambos os níveis de salinidade da água de irrigação.

  14. Efeito do betacaroteno sobre o estresse oxidativo e a expressão de conexina 43 cardíaca

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosangela Novo

    2013-09-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Estudos de intervenção mostraram aumento da mortalidade em pacientes que receberam betacaroteno. Contudo, não são conhecidos os mecanismos envolvidos nesse fenômeno. OBJETIVO: Avaliar a influência do betacaroteno sobre o estresse oxidativo e a expressão de conexina 43 em coração de ratos. MÉTODOS: Ratos Wistar, pesando aproximadamente 100 g, foram alocados em dois grupos: Grupo Controle (n = 30, que recebeu a dieta usada de rotina em nosso laboratório, e Grupo Betacaroteno (n = 28, que recebeu betacaroteno (na forma de cristal, adicionado e misturado à dieta na dose de 500 mg de betacaroteno/kg de dieta. Os animais receberam tratamento até que atingissem entre 200 e 250 g, quando eram sacrificados. Foram coletados sangue, fígado e coração para realização de Western blotting e imunoistoquímica para conexina 43; foram realizados estudos morfométricos, dosagens de betacaroteno por cromatografia líquida de alta eficiência bem como de glutationa reduzida, glutationa oxidada e hidroperóxidos de lipídeos por análises bioquímicas. RESULTADOS: O betacaroteno foi detectado apenas no fígado dos animais do Grupo Betacaroteno (288 ± 94,7 µg/kg. Os níveis de glutationa reduzida/glutationa oxidada foram maiores no fígado e no coração dos animais do Grupo Betacaroteno (fígado - Grupo Controle: 42,60 ± 1,62; fígado - Grupo Betacaroteno: 57,40 ± 5,90; p = 0,04; coração: - Grupo Controle: 117,40 ± 1,01; coração - Grupo Betacaroteno: 121,81 ± 1,32 nmol/mg proteína; p = 0,03. O conteúdo de conexina 43 total foi maior no Grupo Betacaroteno. CONCLUSÃO: O betacaroteno apresentou efeito benéfico, caracterizado pelo aumento da comunicação intercelular e melhora do sistema de defesa antioxidante. Nesse modelo, os mecanismos não explicam a maior mortalidade observada com a suplementação de betacaroteno em estudos clínicos. (Arq Bras Cardiol. 2013; [online].ahead print, PP.0-0

  15. A VIVÊNCIA DO ESTRESSE PROFISSIONAL NA UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA: VOZES DE PROFISSIONAIS DE SAÚDE NO PARÁ.

    OpenAIRE

    Tyll, Milene de Andrade Gouvea

    2014-01-01

    O objetivo deste estudo foi compreender a vivência do estresse profissional nas Unidades de Terapia Intensiva de um Hospital de referência, para identificar os principais fatores que contribuem ao estresse ocupacional e identificar o impacto subjetivo das fontes de estresse sobre o profissional e seu trabalho. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, cujo referencial metodológico foi a Teoria Fundamentada em Dados, desenvolvida em um hospital de referência na cidade de Belém, Pará...

  16. Prática da ginástica laboral por trabalhadores das indústrias do Rio Grande do Sul, Brasil Stretching programs among industrial workers from the state of Rio Grande do Sul, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luana Callegaro Rossato

    2013-03-01

    Full Text Available O presente estudo identificou a prevalência e os fatores associados à prática de ginástica laboral por trabalhadores da indústria no Estado do Rio Grande do Sul, Brasil. Realizou-se análise secundária dos dados de um estudo de delineamento transversal, com amostra probabilística de 2.265 trabalhadores, de ambos os sexos. O instrumento de pesquisa foi o questionário autoadministrado "Estilo de vida e hábitos de lazer dos trabalhadores das indústrias brasileiras", previamente validado. A variável dependente foi a prática de ginástica laboral, definida pela resposta positiva à questão: "Você participa do programa de ginástica na empresa (ginástica laboral?". Foram coletadas informações demográficas, socioeconômicas, comportamentais e relacionadas à saúde, como potenciais fatores associados. Na análise de dados, empregou-se o teste Qui-quadrado de Pearson e o modelo de regressão de Poisson com variância robusta, nas análises bruta e ajustada, respectivamente. A prática de ginástica laboral foi referida por 40,3% dos respondentes (IC95%: 38,2; 42,3, sendo mais prevalente nos trabalhadores do sexo feminino, com maiores níveis de escolaridade, naqueles mais ativos no lazer e que relatavam menores intensidades de esforço no trabalho. Não se observou associação da variável dependente com idade, estado civil, renda familiar bruta, tabagismo, autopercepção de saúde e autopercepção do nível de estresse. Programas de ginástica laboral devem desenvolver estratégias de promoção da saúde que priorizem subgrupos de trabalhadores menos envolvidos, em especial, indivíduos do sexo masculino e com menor escolaridade. Desse modo, será possível reduzir as disparidades, beneficiando trabalhadores, independentemente de suas características sociodemográficas, a melhores condições saúde e bem-estar no ambiente das indústrias.We evaluated the prevalence and factors associated with participation on stretching programs

  17. A saúde do trabalhador na concepção de acadêmicos de enfermagem La salud del trabajador en la concepción del académico en enfermeria Worker's health in nursing undergraduates' conception

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eliana Pinho Azambuja

    2007-09-01

    Full Text Available Neste estudo, de abordagem qualitativa, buscamos compreender a concepção do acadêmico de enfermagem do Curso de Enfermagem da Universidade Federal de Santa Catarina sobre saúde do trabalhador. Foram feitas três questões a vinte acadêmicos: O que entende por saúde do trabalhador? De que forma a enfermagem pode contribuir para a saúde do trabalhador? Qual a relação que existe entre trabalho e estilo de vida? Os resultados foram agrupados nos temas: concepções sobre saúde do trabalhador; papel da enfermagem no contexto da saúde do trabalhador; relação entre trabalho e estilo de vida. Destacamos a interrelação entre trabalho e estilo de vida, e trabalho e saúde do trabalhador. As reflexões realizadas reforçam a necessidade dessa temática ser discutida nas universidades, para que os acadêmicos sejam estimulados a pensar sobre sua saúde desde o início da academia. Assim estimulados, acreditamos que possam incorporar ações de proteção voltadas a sua saúde no trabalho.En este papel, de abordaje cualitativo, intentamos entender el concepto del curso de enfermería de la Universidad Federal de Santa Catarina sobre la salud del trabajador. Fueron contestadas tres preguntas hechas a veinte académicos: ¿Cuál es tu comprensión sobre la salud del trabajador? ¿De qué forma la enfermería puede ayudar a mejorar la salud del trabajador? ¿Cuál es la relación entre el trabajo y el estilo de vida del trabajador? Los resultados habían sido organizados en forma de temas: conceptos sobre la salud del trabajador; carácter de la enfermería en el contexto de la salud del trabajador y relación entre trabajo y estilo de vida. Destacamos la interrelación entre trabajo y estilo de vida y trabajo con la salud del trabajador. El énfasis a las contemplaciones hechas refuerzan la necesidad que ese tema tiene para ser discutido en las universidades, así como, estimular a los académicos a pensar en su propia salud desde el principio

  18. Alterações cognitivas em trabalhadores de uma empresa de processamento de dados Cognitive problems in workers of a data processing company

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria da Graça Hoefel

    1992-02-01

    Full Text Available Realizou-se estudo de 191 trabalhadores de uma empresa federal de processamento de dados em Porto Alegre, RS, Brasil, em 1989, objetivando estudar déficits cognitivos. São analisadas as relações entre queixas de alteração de memória e os respectivos desempenhos em testes de avaliação cognitiva segundo três grupos de trabalhadores, o primeiro com atividades automatizadas e repetitivas (digitadores e dois outros com funções diversificadas. Utilizou-se um teste de rastreamento psiquiátrico para controlar esta possível variável de confusão. Existe uma alta prevalência de queixas de perda de memória (65,4%, apesar de não haver evidências significativas de problemas cognitivos. Observou-se uma associação estatisticamente significativa entre a presença ou não de queixas de memória e o desempenho no teste psiquiátrico. Sugere-se que futuros estudos enfatizem o aspecto de saúde mental e sofrimento psíquico para compreensão destas queixas, tendo em vista as características do processo de trabalho na informática.A study of 191 data processing workers undertaken in Porto Alegre, Brazil, in 1989, is presented. The relationship between complaints of loss of memory and their respective scores on cognitive testing in three groups of workers, one with automatized repetitive activities and two others with diversified activities, is analysed. The scores and complaints are compared with the results of a screening test for psychiatric disorders in order to verify the influence of this confounding factor. No significant evidence of cognitive problems was found despite the high prevalence of complaints of memory loss in this population (65,4%. There is a significant statistical association between these complaints and the scores of the psychiatric testing. It is suggested that futures studies should emphasize psychiatric analysis with a view to clarifying the complaints of Data Processing workers.

  19. Sistema de Informação em Saúde do Trabalhador: desafios e perspectivas para o SUS Occupational Health Information System: challenges and perspectives in the Brazilian Unified Health System (SUS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Augusto Facchini

    2005-12-01

    Full Text Available O presente artigo identifica e discute alguns desafios e perspectivas relativos à implantação de um Sistema de Informações em Saúde do Trabalhador (SIST no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS. Os desafios para a coleta, produção e a análise de dados e a disseminação continuada de informações sobre o estado de saúde dos trabalhadores e seus determinantes são revisados. Há destaque para a necessidade de investimentos em capacitação de recursos humanos, articulação e harmonização das bases de dados de interesse à saúde do trabalhador, implantação de infra-estrutura de informática nos níveis locais e da coleta das informações na rede de serviços do SUS, e integração e articulação interministerial. A realização da 3ª Conferência Nacional de Saúde do Trabalhador e a recém aprovada Política Nacional de Segurança e Saúde do Trabalhador representam reforços importantes para o debate sobre a implantação do SIST e sua prioridade na agenda do SUS. A relativa sintonia entre as agendas de técnicos, pesquisadores, trabalhadores e lideranças sindicais na defesa comum de um sistema de informações também é vista como um apoio à implantação do SIST e seu efetivo controle social.This paper presents a review of challenges and perspectives regarding the development of an occupational health information system in the Brazilian Unified Health System (SUS. It stress the need to set up a process of continuous data collection, processing, analyzing and communication of information on worker’s health and its determinants, emphasizing occupational risks. The paper also address the need to support the training of health workers. It is also recommended to take into consideration the feasibility of database standardization that allows linkage and, improvement in the information technologies utilized in health services, especially in community health centers, following a coordinated state action. Both, the 3rd

  20. Percepção de riscos do uso de agrotóxicos por trabalhadores da agricultura familiar do município de Rio Branco, AC

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Thais Blaya Leite Gregolis

    Full Text Available OBJETIVO: Conhecer as percepções de risco associadas ao uso de agrotóxicos no trabalho rural de pequenos produtores rurais. MÉTODO: Estudo de percepção de riscos relacionados ao trabalho rural, realizado entre o segundo semestre de 2008 e o primeiro de 2009, com base na avaliação psicológica de 42 pequenos agricultores do município de Rio Branco, AC, por meio de questionário estruturado com questões abertas e fechadas e aplicação de escalas psicométricas. RESULTADOS: Entre as mulheres, destacou-se a invisibilidade dos riscos associados ao uso desses agentes químicos no seu cotidiano de trabalho. A maioria das mulheres participantes não percebia a seriedade dos problemas de saúde relacionados à exposição a agrotóxicos, nem identificava como perigosas as atividades de trabalho que desempenhava. Entre os homens, observou-se a construção de estratégias defensivas baseadas na negação dos riscos, tática utilizada por esses indivíduos como forma de permanecerem, dia após dia, inseridos em um processo de trabalho sabidamente injurioso. CONCLUSÃO: O estudo mostrou que a percepção de riscos daquele grupo de pequenos agricultores influencia suas práticas de trabalho e a forma como responde frente ao risco representado pelo uso de agrotóxicos, devendo ser, portanto, objeto de análise em ações de vigilância em saúde do trabalhador e no escopo de iniciativas de gerenciamento de riscos.

  1. Relação entre saúde mental e trabalho: a concepção de sindicalistas e possíveis formas de enfrentamento

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mariana Pereira da Silva

    Full Text Available Resumo Objetivo: apresentar as concepções de sindicalistas a respeito da relação entre trabalho e adoecimento mental, bem como algumas de suas ações, que possam indicar rumos para abordagens do movimento sindical que favoreçam o enfrentamento do adoecimento mental relacionado ao trabalho. Método: foram realizadas entrevistas reflexivas em profundidade com cinco representantes sindicais de diferentes categorias profissionais, do estado de São Paulo, que possuem um histórico de comprometimento com a saúde dos trabalhadores. Resultados: a concepção predominante entre os sindicalistas entrevistados é de que as causas dos adoecimentos do trabalhador são de caráter multifatorial. Assim, esses líderes sindicais reconhecem a organização do trabalho, os processos produtivos, as relações trabalhistas e as condições físicas do ambiente de trabalho como alguns dos fatores que podem gerar sofrimentos ou adoecimentos psíquicos nos trabalhadores. Discussão: os participantes indicam, como possíveis estratégias de enfrentamento do adoecimento mental provocado pelo trabalho, a união dos trabalhadores e dos sindicatos, o restabelecimento de laços de solidariedade, maior investimento do Estado e conscientização de toda a sociedade a respeito da relação entre a saúde mental e o trabalho.

  2. Avaliação de políticas públicas de segurança alimentar e combate à fome no período 1995-2002: 2 - Programa de Alimentação do Trabalhador Evaluation of Brazilian public policies to promote food security and fight hunger, 1995-2002: 2 - the Workers' Nutrition Program

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leonor Maria Pacheco Santos

    2007-08-01

    Full Text Available O estudo avaliou o Programa de Alimentação do Trabalhador (PAT entre 1995 e 2002, sob a ótica da estrutura-processo-resultado. A metodologia consistiu em pesquisa documental e estudo de caso em 45 municípios na Bahia, resultando em 2.389 questionários domiciliares. Em termos de estrutura analisou-se a evolução normativa do programa até 2002. Quanto ao atendimento das necessidades nutricionais dos trabalhadores, o programa passou de uma insuficiente adequação calórica nos anos 80 para uma associação positiva entre sobrepeso e trabalho em empresa com PAT. Na Bahia a cobertura foi insuficiente entre os 5.120 adultos maiores de 20 anos investigados. Houve diferença significativa no acesso a benefícios alimentares entre trabalhadores do interior (26,1% e da capital (6,1%. Contudo, a focalização foi adequada: todos os beneficiados no interior e 92,4% na capital tinham renda menor que cinco salários mínimos. Faz-se necessária uma maior divulgação do PAT junto à população alvo, de forma a conscientizar os trabalhadores sobre os seus direitos e as ações desenvolvidas pelo Programa.This study evaluated the Workers' Nutrition Program in Brazil from 1995 to 2002, from a structure-process-results perspective. The methodology involved documental research and a case study in 45 municipalities in the State of Bahia, resulting in 2,389 household interviews. In relation to structure, we analyzed the program's normative evolution until 2002. As for nutritional recommendations, the program shifted from insufficient calorie supply in the 1980s to a positive association between overweight and employment in companies adopting the Workers' Nutrition Program. In Bahia, overall program coverage was insufficient among the 5,120 adults 20 years or older who were interviewed. A significant difference was observed in access to food benefits among workers in the interior of the State (6.1% as compared to the State capital, Salvador (26.1%. However

  3. A utilização de agrotóxicos e os riscos a saúde do trabalhador rural

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Wyara Ferreira Melo

    2016-10-01

    Full Text Available Ao longo dos anos, o crescimento da população mundial aumentou e com isso a demanda de produção de alimentos e a diminuição da população em áreas rurais e das fazendas tornou este problema mais difícil. A busca cada vez maior de alimentos, levou a agricultura a se caracterizar como monoculturas extensivas e de grande utilização de fertilizantes químicos sintéticos e agrotóxicos. No entanto, o uso de agrotóxicos na agricultura tem provocado uma serie de intoxicações, fazendo com que seja atualmente um grave problema de saúde, especialmente entre trabalhadores rurais. Com isso, o estudo objetiva identificar como ocorre a utilização de agrotóxicos e os riscos a saúde do trabalhador rural. No que concerne a metodologia utilizada no trabalho, a mesma trata-se de uma revisão bibliográfica advinda da seleção criteriosa de artigos científicos de base de dados como a Biblioteca Virtual em Saúde (BVS, a Literatura Latino Americana e do Caribe em Ciências da Saúde (LILACS e a Scientific Eletronic Library On Line (SCIELO, entre os anos de 2004 até 2016. A partir de toda essa discussão, conclui-se que é primordial que a população esteja alerta acerca dos danos reais provocados a saúde pelos agrotóxicos. Cobrando dos órgãos responsáveis um controle maior no que se refere a qualidade dos alimentos que ingerimos, bem como, a saúde dos trabalhadores rurais que são expostos diariamente a esses produtos químicos que matam. Então, é indispensável não negligenciar esse assunto e a importância que ele possui.The use of pesticides and the risks to health of rural workersAbstract: Over the years, the growth of the world population has increased and with it the food production demand and declining population in rural areas and farms made this more difficult problem. The search for increasing food led agriculture to be characterized as extensive monocultures and large use of synthetic chemical fertilizers and pesticides

  4. Riscos ocupacionais de uma indústria calçadista sob a ótica dos trabalhadores

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernanda Reinher da Luz

    2013-02-01

    Full Text Available O estudo teve como objetivo identificar os riscos ocupacionais de uma indústria calçadista sob a ótica dos trabalhadores, bem como as medidas preventivas adotadas por eles contra os riscos. Realizou-se um estudo qualitativo, descritivo. A amostra foi composta por quinze trabalhadores. Os dados foram coletados por entrevista semiestruturada e analisados à luz da análise de conteúdo. Foram respeitados os aspectos éticos e a pesquisa foi aprovada pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul. Os resultados apontam que os trabalhadores são conhecedores dos riscos do seu processo de trabalho, faziam uso de medidas de proteção individual e a empresa disponibilizava dispositivos de segurança, informando e realizando, periodicamente, visitas aos setores, na perspectiva de desenvolver ações educativas.

  5. Eficácia da aromaterapia na redução de níveis de estresse e ansiedade em alunos de graduação da área da saúde: estudo preliminar Effectiveness of aromatherapy in reducing stress and anxiety levels in undergraduate health science students: a preliminary study

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cassandra Santantonio de Lyra

    2010-03-01

    Full Text Available Este estudo teve como objetivo verificar a eficácia de aromaterapia na diminuição de níveis de estresse e ansiedade (traço e estado de alunos de graduação de cursos na área da saúde. Participaram do estudo 36 sujeitos, com idade entre 18 e 29 anos, que foram divididos entre os que receberam tratamento (grupo aroma, n=18 e o grupo controle (n=18. Os sujeitos foram avaliados quanto a níveis de estresse e ansiedade antes e após o período de intervenção, pela Lista de Sintomas de Estresse e pelo Inventário de Ansiedade Traço e Estado. O tratamento de aromaterapia consistiu em sete sessões (duas vezes por semana de dez minutos de inalação com uma sinergia de óleos essenciais elaborada especificamente. Os escores de estresse e ansiedade antes e depois do tratamento foram comparados estatisticamente, com nível de significância de 5% (pThe purpose of this study was to assess the efficacy of aromatherapy in decreasing stress and anxiety levels in undergraduate health science students. Thirty-six students aged 18 to 29 were divided into those who received treatment (aroma group, n=18 and a control group (n=18. All subjects were assessed as to stress and anxiety levels before and after the treatment, by means of the List of Stress Symptoms and the State-Trait Anxiety Inventory. The aromatherapy treatment consisted in twice weekly, 10-minute inhalations of a synergy of essential oils made specifically for this study, for a total of 7 sessions. Stress and anxiety scores measured before and after treatment were statistically compared, with significance level set at 5% (p<0.05. The aroma group showed a significant (p<0,05 decrease in stress (less 24% and anxitey (less 13% and 19% levels, while in control group only a significant, though lesser (11% stress level decrease could be noticed. Aromatherapy thus proved effective in reducing stress and anxiety levels in graduate health students, but there is still great need to further studies to

  6. Expressao genica associada ao estresse oxidativo no coracao de camundongo apos isquemia intestinal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Frederico Somaio Neto

    2014-03-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: O fenômeno da isquemia e reperfusão intestinal é um evento frequente na clínica e está associado a repercussões deletérias em órgãos a distância, em especial ao coração. OBJETIVO: Investigar a expressão gênica do estresse oxidativo e defesa antioxidante no coração de camundongos isogênicos, submetidos a isquemia e reperfusão intestinal (IR. MÉTODOS: Doze camundongos (C57BL/6 foram distribuídos em dois grupos: Grupo IR (GIR com 60 min de oclusão da artéria mesentérica superior, seguidos de 60 min de reperfusão. Grupo Controle (GC submetidos a anestesia e a laparotomia sem o procedimento de IR observados por 120 min. As amostras de intestino e coração foram processadas pelo método (RT-qPCR / Reverse transcriptase - quantitative Polymerase Chain Reaction para determinar a expressão gênica de 84 genes relacionados ao estresse oxidativo ("t" de Student, p < 0,05. RESULTADOS: Observou-se no tecido intestinal (GIR uma expressão significantemente aumentada em 65 (74,71% genes em relação ao tecido normal (GC, e 37 (44,04% genes estiveram hiperexpressos (maior que três vezes o limiar permitido pelo algoritmo. No tocante aos efeitos da I/R intestinal a distância no tecido cardíaco verificou-se a expressão significantemente aumentada de 28 genes (33,33%, mas somente oito genes (9,52% se hiperexpressaram três vezes acima do limiar. Quatro (7,14% desses oito genes se expressaram simultaneamente nos tecidos intestinal e cardíaco. No GIR notaram-se cardiomiócitos com núcleos de menor tamanho, picnóticos, ricos em heterocromatina e raros nucléolos, indicando sofrimento cardíaco. CONCLUSÃO: A I/R intestinal promoveu a hiperexpressão estatisticamente significante de oito genes associados ao estresse oxidativo a distância no tecido miocárdico.

  7. Transtorno de estresse pós-traumático e uso de drogas ilícitas em mulheres encarceradas no Rio de Janeiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Byanka Quitete

    2012-01-01

    Full Text Available CONTEXTO: O risco para o desenvolvimento de transtorno de estresse pós-traumático (TEPT entre mulheres encarceradas pode estar associado ao consumo de drogas. OBJETIVOS: Determinar a frequência de TEPT entre mulheres encarceradas e sua relação com o uso de drogas na prisão. As voluntárias foram também avaliadas para a determinação de ansiedade-traço, depressão, eventos estressores e características sociodemográficas e comparadas quanto à presença ou não do transtorno. MÉTODOS: Estudo transversal com mulheres encarceradas em que foram utilizados para a avaliação de TEPT os critérios determinados pelo DSM-IV, o Inventário Christo para descrição de uso de drogas, o Inventário de Ansiedade Traço-Estado e o Inventário Beck para avaliação de sintomas de ansiedade e depressão, respectivamente. RESULTADOS: Das 134 mulheres avaliadas, 40,3% apresentaram TEPT. Houve maior uso diário de cocaína entre as positivas para o transtorno (p < 0,01. O uso diário de drogas ilícitas na prisão foi descrito por 53% das entrevistadas. Todas as participantes TEPT-positivas apresentavam algum grau de depressão em comparação às TEPT-negativas (p < 0,05. CONCLUSÃO: A alta prevalência de TEPT encontrada é comparável à de populações de risco. Apesar de estarem em regime prisional, é alto o uso de drogas ilícitas. O maior uso de cocaína entre as detentas que apresentaram TEPT indica preferência por drogas estimulantes em mulheres com o transtorno.

  8. Trocas gasosas em videira sob regime de estresse hídrico. II. fotorrespiração e comportamento varietal Gas exchanges in grapevines under water stress regime. II. photorespiration and varietal behavior

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Murillo de Albuquerque Regina

    1999-01-01

    Full Text Available Analisou-se a fotorrespiração em folhas de videira (Vitis vinifera L. submetidas a um regime de estresse hídrico, com o objetivo de caracterizar o comportamento de diferentes cultivares. Foram utilizadas plantas de dois anos, enxertadas sobre o porta-enxerto Fercal, plantadas em vasos plásticos e cultivadas em ambiente controlado. A fotorrespiração foi calculada a partir de medidas das trocas gasosas foliares. Os valores absolutos da fotorrespiração variaram pouco entre cultivares e nível de irrigação; já a eficiência da carboxilação e o ponto de compensação ao CO2 foram bastante afetados pelo estresse hídrico, o que revela diferentes níveis de sensibilidade varietal. Foi verificada a ocorrência de inibição não-estomática da fotossíntese, afetando diferencialmente as cultivares analisadas. Destacou-se, ainda, a maior adaptação da Chardonnay às condições de estresse hídrico, em oposição à grande sensibilidade da Sémillon e da Ugni blanc.The photorespiration in grapevines (Vitis vinifera L. leaves subjected to a water stress regime was analysed with the purpose of characterizing the behavior of different cultivars. Two-year old plants were used, grafted on Fercal, planted in plastic pots and cultivated in controlled environment. The photorespiration was calculated from leaf gas exchange measurements taken by means of a portable infrared CO2 analyser (LCA3-ADC, working in an open circuit. The absolute photorespiration values varied little among cultivars and level of irrigation, whereas the carboxylation efficiency and the CO2 compensation point were highly affected by the water stress, thereby evidencing different varietal sensitivity levels. The occurrence of a nonstomatal inhibition of the photosynthesis was verified affecting in a specific way the cultivars analysed. The Chardonnay adapted itself better to the water stress conditions as opposed to the high sensitivity on the part of Sémillon and Ugni blanc.

  9. Parâmetros clínicos, hematológicos, bioquímicos e hormonais de bovinos submetidos ao estresse calórico Clinical, hematological, biochemical, and hormonal parameters of cattle submitted to heat stress

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    F. Ferreira

    2009-08-01

    Full Text Available Caracterizaram-se as respostas clínicas, hematológicas, bioquímicas e hormonais de 71 bovinos F2 (½ Gir x ½ Holandês, 39 machos e 32 fêmeas, entre 14 e 20 meses de idade, submetidos a condições de termoneutralidade (22ºC a 70% de umidade relativa e ao estresse calórico (42ºC e 60% de umidade relativa. Os tratamentos foram realizados nas estações de verão e inverno em câmara bioclimática. Ao exame clínico, todos os animais apresentaram salivação e retração de globo ocular. Os animais apresentaram aumento do número de eritrócitos, concentração de hemoglobina, hematócrito, proteínas totais, ureia, creatinina, sódio, potássio, cloretos, cortisol, pH e densidade urinária e matéria seca das fezes no período de estresse calórico (P0,05. Concluiu-se que as variáveis hematológicas, bioquímicas e hormonais, bem como as características fenotípicas, revelaram-se importantes para caracterizar o estresse calórico em bovinos.Clinical, haemathological, biochemical, and hormonal parameters were characterized in 39 males and 32 females crossbred cattle (½ Holstein x ½ Gir, averaging 14 to 20 months of age, submitted to thermoneutrality (22ºC and 70% of RH and heat stress (42ºC and 60% RH in summer and winter in climatic chamber. At clinical examination, all animals presented salivation and ocular globe retraction. Under heat stress, animals increased erythrocytes count, hemoglobin total concentration, hematocrit, concentraction of total proteins, urea, creatinin, sodium, potassium, chlorides, cortisol, urinary pH and density, and dry matter of feces (P0.05. It was concluded that hematology, biochemical, and hormonal parameters are important to characterize the heat stress in cattle.

  10. Qualidade de vida e estresse gerencial "pós-choque de gestão": o caso da Copasa-MG Quality of life and 'post-management shock' managerial stress: the Copasa-MG case

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kely César Martins de Paiva

    2008-12-01

    Full Text Available Este artigo descreve e analisa o corpo gerencial de uma empresa pública no que diz respeito às variáveis de qualidade de vida no trabalho e de estresse ocupacional, tendo em vista o contexto de reestruturação produtiva e seus multivariados impactos nas atividades dos gestores e nos significados atribuídos a essas experiências de trabalho, implicando desgastes à saúde dos indivíduos. Foi feita uma pesquisa descritiva, de enfoque quantitativo e qualitativo. O questionário foi respondido por 96 dos 144 gestores. De uma maneira geral, a qualidade de vida dos pesquisados apresenta-se com níveis satisfatórios. A partir de uma análise conjunta dos resultados, aponta-se para uma realidade de estresse. Assim, a estruturação de políticas e práticas de gestão de pessoas mais abrangentes é necessária para a identificação, a desmistificação e o monitoramento do estresse ocupacional entre os gerentes da empresa, passando por pesquisas mais específicas de diagnóstico. Tais atividades são recursos adjacentes àreestruturação produtiva em curso, pois referem-se à gestão da força de trabalho e à mediação de conflitos.This article describes and analyzes the management team of a public company in terms of quality of life at the workplace and occupational stress variables. The context of reorganization includes multiple impacts in the managers' activities and the meanings they give to this experience, with implications to their health. A descriptive survey was performed considering both quantitative and qualitative approaches among 144 managers. Of those, 96 (the sample answered the questionnaire, which was the main data collection tool. In general terms, the levels of quality of life at the workplace were satisfactory. However, occupational stress was identified. As a result, there is a need to structure people management policies and practices in order to identify, demystify and monitor occupational stress among managers

  11. Proposta de articulação entre abordagens metodológicas para melhoria do processo de reabilitação profissional

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Angela Paula Simonelli

    Full Text Available Este artigo discute as limitações do atual modelo de reinserção do programa de reabilitação profissional do INSS para o retorno do trabalhador afastado por acidente ou doença ocupacional. Estas limitações são discutidas em relação à avaliação parcial da incapacidade do trabalhador e à não consideração estruturada da relação homem-trabalho por ocasião do retorno do trabalhador ao seu local de trabalho. Propõe-se um modelo que utiliza a Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde (CIF como referência para os profissionais selecionarem avaliações de caráter biopsicossocial para classificação das potencialidades do trabalhador reabilitado e a Análise Ergonômica do Trabalho (AET como abordagem para a adaptação dos locais de trabalho. O modelo da CIF considera que a incapacidade não é um atributo da pessoa, mas sim um conjunto de condições que resulta da interação pessoa-meio. A AET pressupõe a compreensão do trabalho nas suas dimensões física, cognitiva e organizacional, cuja análise é centrada na atividade real. Resulta desta proposta uma maior aproximação entre as exigências do trabalho e as potencialidades do trabalhador numa visão social do problema da reinserção.

  12. O direito à privacidade do trabalhador no ordenamento jurídico português

    OpenAIRE

    Mori, Amaury Haruo

    2009-01-01

    Tese de mestrado, Ciências Jurídicas, Faculdade de Direito, Universidade de Lisboa, 2010 O trabalho tem por objetivo analisar o direito à privacidade do trabalhador à luz do ordenamento jurídico português. A investigação está fundamentada em estudos doutrinários já realizados sobre o tema, a partir dos quais procura identificar o conceito de privacidade como bem juridicamente protegido pelo direito do trabalho em Portugal. Fatores culturais, sociais, temporais e pessoais dificultam a taref...

  13. Impacto do estresse térmico sobre a fisiologia, reprodução e produção de caprinos Impact of heat stress on the physiology, reproduction and production of goats

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Priscila Teixeira de Souza

    2012-10-01

    Full Text Available Apesar dos caprinos serem considerados animais rústicos, do ponto de vista bioclimático, a associação entre elevadas temperaturas, umidade e radiação solar pode acarretar alterações fisiológicas, hematológicas, hormonais, reprodutivas e produtivas. Portanto, informações que possam esclarecer o impacto do estresse térmico sobre a eficiência desses aspectos em caprinos, analisando o ambiente em que estão inseridos, e como se comportam frente às adversidades impostas pelo clima, darão uma grande contribuição para a caprinocultura e o fortalecimento de sua cadeia produtiva. Assim, para aumentar a produtividade nas regiões tropicais, deve ser ressaltada a criação de raças que apresentem maior potencial genético de adaptabilidade para uma condição climática adversa, sendo capazes de sobreviver, reproduzir e produzir em situações de estresse térmico.Even though goats are considered rustic animals, regarding the bioclimatic aspect, the association of high temperature, humidity and solar radiation may cause physiological, hematological, hormonal, reproductive and productive changes. Therefore, information explaining the impact of heat stress on the efficiency of these aspects on goats by analyzing the surrounding environment and how these animals behave themselves before the adversities imposed by the climate, will give a great contribution to goat breeding and the strengthening of this productive chain. Thus, to increase the productivity in tropical regions, the breed of animals presenting a major genetic potential of adaptability to adverse climatic conditions must be emphasized breeds that may be able to survive, reproduce and produce efficiently in a situation of heat stress.

  14. Transtorno de estresse pós-traumático em vítimas de acidentes rodoviários graves: análise de fatores preditores

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tânia Sofia Fernandes Pires

    2013-01-01

    Full Text Available CONTEXTO: Os acidentes rodoviários são acontecimentos potencialmente traumáticos que podem originar transtornos psicológicos, designadamente transtorno de estresse pós-traumático (TEPT. Os estudos são controversos quanto ao poder preditivo da dissociação peritraumática e os sintomas de transtorno de estresse agudo (TEA para predizer TEPT, mas referem que as mulheres reportam mais sintomas de transtorno pós-exposição traumática. OBJETIVO: Analisar o contributo da dissociação peritraumática, dos sintomas de TEA e do gênero para predizer TEPT quatro meses após o acidente. MÉTODO: Cento e vinte e quatro homens e mulheres, vítimas de acidentes graves, avaliados no hospital (t1 e reavaliados quatro meses depois (t2. RESULTADOS: Entre os participantes, 64,5% apresentam TEA (t1 e 58,9%, TEPT (t2. Os sintomas de dissociação peritraumática e TEA correlacionam-se positivamente com os sintomas de TEPT. As mulheres reportam mais dissociação peritraumática, TEA e TEPT. A dissociação peritraumática, o TEA e o gênero (feminino explicam 26,8% da variância de TEPT, sendo o contributo do gênero marginalmente significativo. CONCLUSÕES: O número de vítimas com sintomas de TEPT após acidente grave é elevado e os sintomas peritraumáticos são preditores de TEPT, sugerindo a necessidade de considerar os sintomas iniciais na prevenção de transtorno posterior.

  15. Manejo de estresse ocupacional na perspectiva da área de avaliação de programas Occupational stress management from the perspective of the area of program evaluation

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sheila Giardini Murta

    2005-08-01

    Full Text Available O objetivo deste artigo é apresentar procedimentos para implementar e avaliar programas de manejo de estresse ocupacional focados no indivíduo, fundamentando-se na literatura das áreas de psicologia da saúde ocupacional e de avaliação de programas. São abordados o planejamento da intervenção, sua implementação e avaliação, com base no ciclo da pesquisa em ciências sociais, cujas etapas compreendem a avaliação de necessidades, busca de base teórica, definição de objetivos, variáveis, instrumentos, delineamento, participantes, procedimentos, implementação do programa e coleta de dados, análise e interpretação de resultados, divulgação dos resultados e formulação de novas questões. São discutidas perspectivas futuras para a área de avaliação de programas e possíveis ganhos resultantes de alianças entre este campo e o campo de intervenções em manejo de estresse ocupacional.The aim of this article is to present procedures to implement and evaluate individual focused occupational stress management interventions, based on literature of the area of occupational health psychology and program evaluation. Intervention, implementation and evaluation planning are discussed, based on the social science research cycle, which stages include needs evaluation, search of theoretical basis, definition of goals, variables, instruments, design, participants, procedures, program implementation and data collection, analysis and results interpretation, publishing results and formulation of new questions. Future perspectives for program evaluation and possible gains resulted from the alliance between this area and occupational stress management interventions are discussed.

  16. Transtorno de estresse pós-traumático: o enfoque psicanalítico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Meshulam-Werebe Daniela

    2003-01-01

    Full Text Available Os autores abordam o transtorno de estresse pós-traumático (TEPT e sua importância em termos epidemiológicos e de saúde pública. A seguir, traçam um histórico de como emergiram os conceitos psicanalíticos do trauma psíquico. A importância que Freud atribuiu ao trauma como agente causador da neurose é revisada. É discutida a importância do trauma como uma vivência do mundo interno, não necessariamente calcada em fatos exteriores. A importância do uso de técnicas psicanalíticas para determinados casos de TEPT é salientada.

  17. Transtorno de estresse pós-traumático e transtorno de humor bipolar

    OpenAIRE

    Machado Vieira Rodrigo; Gauer Gabriel J C

    2003-01-01

    O Transtorno Bipolar (THB) não é somente uma condição endógena. Severos eventos negativos durante a vida influenciam o desenvolvimento do primeiro episódio e alteram o curso do THB durante a vida. O Transtorno de Estresse Pós-Traumático (TEPT) é uma severa e incapacitante doença mental que afeta uma significativa parcela da população, em algum momento de suas vidas. A presença concomitante de TEPT e THB parece mais freqüente que anteriormente sugerido, e pacientes psicóticos com história de t...

  18. Psiconeuroendocrinologia do transtorno de estresse pós-traumático

    OpenAIRE

    Ruiz,Juliana Elena; Barbosa Neto,Jair; Schoedl,Aline Ferri; Mello,Marcelo Feijo

    2007-01-01

    OBJETIVO: Os autores realizaram uma revisão tradicional da literatura sobre os achados neurobiológicos das disfunções do eixo hipotálamo-pituitária-adrenal associados ao transtorno de estresse pós-traumático. MÉTODO: Os achados científicos relevantes foram descritos de acordo com a ordem cronológica de publicação e as características dos estudos, se eram pré-clínicos, relacio-nados à violência precoce como fator de risco e, finalmente, achados clínicos em pacientes portadores de transtorno de...

  19. Endothelin role in the orthostatic stress Papel da endotelina no estresse ortostático

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marli Cardoso Martins Pinge

    2008-10-01

    e, juntamente com componentes hormonais, amplia a capacidade de adaptação frente a mudanças posturais. Qualquer dificuldade nesse mecanismo compensatório que impeça seu funcionamento adequado pode resultar em falha da resposta com hipotensão, que, por sua vez, pode levar à hipoperfusão cerebral, hipóxia e perda de consciência. A manutenção da pressão arterial em níveis normais é importante para a homeostasia do meio interno. O barorreflexo desempenha papel fundamental no controle cardiovascular a curto-prazo na adaptação ao estresse ortostático, e prevendo excessivas flutuações da pressão arterial. Durante o estresse ortostático, também ocorrem mudanças neuroendócrinas como alteração nos níveis plasmáticos de endotelina. A endotelina, peptídeo composto de 21 aminoácidos, apresenta potente ação vasoconstritora. Tem sido sugerido um papel para a endotelina, já que está demonstrado que seus níveis no sangue estão aumentados em resposta a um estresse ortostático. Entretanto, embora os níveis de endotelina-1 aumentem em resposta ao estresse postural agudo, seu papel na homeostase cardiovascular e sua relação na liberação de outros hormônios ainda permanecem controversos e bastante desconhecidos em humanos in vivo.

  20. Estresse e padecimento: uma interpretação de acordo com Heidegger

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roberto Passos Nogueira

    2008-06-01

    Full Text Available Nos Seminários de Zollikon, Heidegger discute a enfermidade enquanto uma privação da saúde, relacionada à restrição da liberdade humana. Por sua vez, o estresse é exposto em sua relação com o fardo do Dasein, que são as solicitações que constantemente lhe são dirigidas devido a sua abertura aos entes do mundo em sua totalidade. Expandindo essa interpretação, o autor propõe que a enfermidade, ou melhor, o padecimento, como modo de ser singularizante do Dasein, deve ser analisado em sua pertinência ao mesmo círculo hermenêutico, que tem por base as solicitações que o mundo faz ao Dasein e as respostas que este fornece em circunstâncias concretas.

  1. Entre/Plantas

    OpenAIRE

    Montoro Coso, Ricardo; Sonntag, Franca Alexandra

    2014-01-01

    La palabra Inter-és proviene etimológicamente de las palabras latinas inter y esse; y significa “lo que está-entre dos o más personas, o sea lo que las une pero también las separa”. Los prefijos inter- y entre-, en la mayor parte de los casos, describen estados o acciones ambiguas de los términos que preceden. De esta operación aditiva surgen maclas de vocablos; el inter-sticio como la “hendidura o espacio que media entre dos cuerpos o entre dos partes de un mismo cuerpo”; y así sucesivamente...

  2. Diplóides (AA de bananeira submetidos ao estresse salino Banana diploids (AA submitted to salt stress

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eline Waked Ferreira Gomes

    2004-06-01

    Full Text Available No Nordeste do Brasil a salinização dos solos é um dos fatores limitantes na produção de bananeira. Estudos quanto à tolerância à salinidade em diplóides de bananeira são importantes para programas de melhoramento genético. Esse trabalho objetivou avaliar os efeitos da salinidade utilizando variáveis químicas e de crescimento, e quantificar, mediante padrões isoenzimáticos, a diversidade genética entre seis genótipos diplóides (AA, associando-os à tolerância à salinidade. As plantas foram tratadas durante 21 dias com 0, 50 e 100 mM de NaCl, num delineamento experimental inteiramente casualizado. Os diplóides Lidi e Calcuttá apresentaram maiores reduções na área foliar e fortes sintomas de toxidez associados aos maiores acúmulos de Na+ e Cl- no limbo. Os genótipos Borneo e SNº/2 apresentaram discretos sintomas de toxidez e, como o genótipo M-53, demonstraram habilidade de evitar a translocação excessiva de Na+ e Cl- para as folhas preservando o aparelho fotossintético. Nos diplóides SNº/2 e M-53 foi detectada uma banda específica (Po-6 do sistema peroxidase, sob condições de estresse salino. Associando as características isoenzimáticas com as de crescimento, sintomatologia, análise mineral e grau de similaridade genética entre os genótipos, os dendrogramas construídos separam os genótipos mais tolerantes (SNº/2 e M-53 dos mais sensíveis (Lidi e Calcuttá.In the Northeast Region of Brazil, salinization in soils is one of the limiting factors for banana production. Studies regarding tolerance and salt sensitivity in banana diploids are important for genetic breeding programs. This work aimed to evaluate salt stress effects measuring growth and chemicals parameters and to quantify the genetic diversity among six diploids (AA genotypes using isozymic standards relating to salt tolerance. The plants were treated during 21 days under 0, 50 and 100 mM of NaCl in a completely randomized design. The diploids

  3. ESTRESSE OXIDATIVO EM CÉLULAS VEGETAIS MEDIANTE ALELOQUÍMICOS OXIDATIVE STRESS IN VEGETABLE CELLS MEDIATED BY ALLELOCHEMICALS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gustavo Dias de Almeida

    2008-06-01

    Full Text Available A alelopatia é uma interação entre dois organismos, onde um componente é afetado e o outro permanece estável. Esta interação pode ser fonte de descobertas para novos compostos fitotóxicos naturais com baixa toxicidade aos organismos não alvos de controle. A maior parte dos aleloquímicos são metabólitos secundários como os terpenóides, compostos fenólicos e ácido cianídrico, entre outros. A atuação dos aleloquímicos é variada e afeta um grande número de reações bioquímicas, resultando em diferentes modificações fisiológicas nas plantas, como na atividade enzimática, divisão e estrutura de células, permeabilidade das membranas e captação de íons, culminado na redução ou inativação da germinação e crescimento das plantas. Efeitos dos aleloquímicos sobre a fotossíntese e respiração tem sido melhor caracterizados, embora vários trabalhos tenham demonstrado a atuação desses compostos no estresse oxidativo, resultando em um aumento da produção de espécies reativas de oxigênio, os quais em concentrações elevadas são danosos às células. Dessa forma, o conhecimento dos mecanismos de atuação dos aleloquímicos é necessário para o desenvolvimento de técnicas de manejo sustentável na agricultura.Allelopathy is an interaction among two organisms, where one of that is affected and the other stays stable. It can be source for discoveries of new natural phytotoxic compounds with low toxicity to the organisms that are not target of control. Most of the allelochemicals are secondary metabolites like terpenoids, phenolic compounds, organic cyanides and longchain fatty acids. The performance of the allelochemicals can be different according the situations, and it affects a great number of biochemical reactions, resulting in different physiologic modifications in the plants. Allelochemicals could affect different pathways, like, the enzymatic activity, division and structure of cells, permeability of the

  4. Carvedilol atenua o estresse oxidativo na cardiopatia chagásica crônica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patrícia Budni

    2012-03-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Há cada vez mais evidências sugerindo que doença de Chagas envolve dano oxidativo e contribui para a progressão da doença cardíaca. OBJETIVO: Avaliar o efeito do carvedilol sobre marcadores de estresse oxidativo na doença de Chagas crônica. MÉTODOS: A população de estudo incluiu 42 pacientes com cardiopatia chagásica e os biomarcadores de estresse oxidativo foram medidos antes e após um período de seis meses de tratamento com carvedilol (37,5 mg/dia. Os pacientes foram considerados de acordo com a classificação de Los Andes, e a atividade da superóxido dismutase, catalase, glutationa peroxidase, S-transferase e redutase, mieloperoxidase e adenosina deaminase; e os níveis de glutationa reduzida, de espécies reativas do ácido tiobarbitúrico, proteína carbonil, vitamina E e óxido nítrico foram medidos no sangue. RESULTADOS: Após o tratamento com carvedilol, todos os grupos apresentaram reduções significativas nos níveis de proteína carbonil e glutationa reduzida, enquanto os níveis de óxido nítrico e atividade da adenosina aumentaram significativamente somente no grupo IA. Além disso, a maioria das enzimas antioxidantes apresentou diminuição de suas atividades, nos grupos IA e IB. CONCLUSÃO: Os dados sugerem que o tratamento com carvedilol foi eficaz na atenuação do dano oxidativo, um efeito que pode ser particularmente importante em doença de Chagas crônica com cardiopatia.

  5. Testes de estresse na avaliação do vigor de sementes de milho

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Camila Ribeiro de Souza Grzybowski

    Full Text Available RESUMONa semeadura da cultura do milho, fatores adversos como o alagamento do solo e temperaturas abaixo da recomendada podem prejudicar o estabelecimento do estande. Assim, há a necessidade de se buscar alternativas para a determinação do vigor da semente em condições adversas, visando auxiliar o sistema de produção. No trabalho objetivouse estimar a qualidade fisiológica de sementes de milho em condições de estresses hídrico e térmico, estudando a metodologia dos testes de submersão em água e germinação a baixa temperatura. Para condução dos experimentos foram utilizados dez lotes de dois híbridos simples (30F35R e 30P70H, sendo cinco de cada. A avaliação da qualidade inicial dos lotes foi determinada pelo teor de água e testes de germinação, frio e emergência de plântulas e, as metodologias estudadas para a avaliação do vigor foram: a submersão das sementes em água, combinando diferentes períodos (24; 36; 48 e 72 horas e temperaturas (20; 25 e 30 °C; b germinação a baixa temperatura, testando-se 15 °C por oito dias e 16; 17 e 18 °C por sete dias. O teste de submersão em água é promissor para avaliação do vigor de sementes de milho em condições de estresse, mediante imersão das sementes em água por 48 horas, a 25 °C.

  6. As representações no "circuito das notícias": o movimento dos trabalhadores rurais sem-terra no jornal ZH

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vilso Junior Chierentin Santi

    2010-02-01

    Full Text Available Estudar a representação do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-terra (MST e de suas ações no jornal Zero Hora (ZH, tendo como panorama o "Circuito das Notícias" e suas distintas fases é nosso objetivo central. Para tanto, procuramos mapear o movimento das representações e suas transformações ao longo da cadeia produção, texto e leitura, sem esquecer de suas intersecções e interrelações nos diferentes momentos. O estudo propõe uma aproximação analítica entre o "Circuito da Cultura" de Johnson (1999 e o que qualificamos como o "Circuito das Notícias" – uma tentativa de abordagem integral e integradora, que reivindica uma visão global sobre os processos jornalísticos. Tal aproximação parte das contribuições teórico-metodológicas dos Estudos Culturais Britânicos e busca entender e/ou explicar a dinâmica da cultura, dos produtos culturais e suas intersecções com o jornalismo, principalmente no que se refere às representações.

  7. A Igreja Católica e os Movimentos Sociais do Campo: a Teologia da Libertação e o Movimento dos Trabalhadores Rurais sem Terra

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antonio Julio Menezes Neto

    Full Text Available O Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST do Brasil tem origem vinculada às ações das Igrejas, principalmente da Igreja Católica, em sua vertente denominada Teologia da Libertação. Esse movimento teológico sempre esteve muito próximo das análises sociais socialistas, utilizando, muitas vezes, um referencial marxista. As relações da Igreja Católica com os movimentos sociais do campo foram muito presentes no Brasil, e este trabalho apresenta as relações sociais, políticas e teológicas presentes no MST, já que, desde as primeiras ocupações de terra realizadas por componentes do Movimento, a presença da Igreja Católica é constante. Assim, com foco na relação entre Igreja e MST, este artigo analisa como as mudanças políticas, com a crise do socialismo e o avanço do conservadorismo, impactam as ações do Movimento dos Sem Terra.

  8. OCORRÊNCIA DE Rhipicephalus sanguineus EM TRABALHADORES DE CLÍNICAS VETERINÁRIAS E CANIS, NO MUNICÍPIO DE GOIÂNIA, GO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lígia Miranda Ferreira Borges

    2006-10-01

    Full Text Available Rhipicephalus sanguineus é um parasito natural de cães que eventualmente pode parasitar outros hospedeiros, entre eles o homem. Para humanos, este carrapato é vetor do agente da febre botonosa (Rickettsia conori na Europa e vetor potencial no Brasil dos agentes da febre maculosa (Rickettsia rickettsii e da borreliose Lyme símile (Borrelia sp.. Considerando a importância deste carrapato, desenvolveu-se este trabalho com o objetivo de avaliar a sua ocorrência em humanos no Brasil, uma vez que não se conhecem outros relatos. A presença de carrapatos foi avaliada em 46 trabalhadores de ambos os sexos (25 mulheres e21 homens, de oito clínicas e três canis, por meio de questionário e da identificação dos carrapatos encontrados. Do total de pessoas avaliadas, 68% das mulheres e 71% dos homens relataram já ter encontrado carrapatos andando ou fixados, após contato com cães. Foram colhidos três larvas, uma ninfa e quatro adultos (três machos e uma fêmea sendo todos identificados como da espécie R. sanguineus. Desta forma este é o primeiro relato do parasitismo de humanos por este carrapato no Brasil. PALAVRAS-CHAVE: Carrapatos de cão, humanos, Brasil.

  9. Assédio moral no judiciário: Prevalência e repercussões na saúde dos trabalhadores

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriana Machado Pooli

    2018-04-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi investigar a prevalência do assédio moral e suas repercussões na saúde de trabalhadores em uma instituição judiciária. Adotou-se método quantitativo, transversal e de caráter descritivo. Analisou-se a organização do trabalho, situações de assédio moral e possíveis associações entre o assédio moral e danos à saúde. Como instrumentos, foram aplicados um questionário biossociodemográfico e laboral e o Questionário de Atos Negativos (QAN. Os resultados evidenciaram que 37% dos respondentes foram submetidos a práticas de assédio moral na medida objetiva e 6,2% pela medida subjetiva, que 75% dos participantes indicaram o superior hierárquico como agressor e que os comportamentos negativos relacionados ao contexto e à gestão do trabalho preponderaram sobre os atos hostis direcionados à pessoa. Apareceram como repercussões na saúde depressão, ansiedade, nervosismo, irritabilidade, angústia, crises de choro, insônia, problemas digestivos e tensão muscular. Concluiu-se que ser alvo de atos hostis tem relação com danos à saúde.

  10. O PROCESSO ENSINO-APRENDIZAGEM NA FORMAÇÃO DE TRABALHADORES DO SUS: REFLEXÕES A PARTIR DA EXPERIÊNCIA DA ETSUS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Márcia Cristina Godoy Siqueira

    Full Text Available Resumo Apresenta-se neste texto os resultados de uma pesquisa cujo objetivo foi avaliar o desenvolvimento do processo de ensino e aprendizagem, sustentado por metodologia participativa problematizadora, na perspectiva de professores e alunos da Escola Tocantinense do Sistema Único de Saúde Dr. Gismar Gomes para formação de trabalhadores desse sistema e para os que buscam o ingresso neste mercado de trabalho. Optamos pelo ‘itinerário de pesquisa’ do educador Paulo Freire, adotando os ‘círculos de cultura’ como contexto de coleta de dados, com três etapas: construção dos temas geradores; codificação e decodificação dos temas; e desvelamento crítico. Foram identificadas as temáticas: problematização como opção metodológica; aplicação da me-todologia problematizadora; desafios do processo de ensino-aprendizagem; e fatores que o dificultam ou facilitam o processo de ensino-aprendizagem. Este processo possibilitou maior aproximação entre os diversos participantes e permitiu problematizar aspectos do processo de ensino-aprendizagem da escola, favorecendo melhor compreensão desta realidade, permitindo recontextualizá-la com novas possibilidades, avanços e meios de superação.

  11. UM ESTUDO DA INFLUÊNCIA DA GESTÃO DE PESSOAS NO DESEMPENHO DO TRABALHADOR E NA MELHORIA DA QUALIDADE

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Crislaine Carvalho

    2017-01-01

    Full Text Available A qualidade é uma das principais preocupações presentes dentro das organizações, e estas estão sempre à procura de ferramentas que possam auxiliar nesse processo. A influência da gestão de pessoas no desempenho do trabalhador pode ser um diferencial para as empresas no mercado competitivo. Este trabalho tem a finalidade de apresentar o relacionamento entre a gestão de pessoas e a gestão da qualidade e seus reflexos no processo de melhoria contínua. Nesse contexto, foi feita uma revisão bibliográfica da evolução histórica da qualidade e os reflexos da gestão de pessoas nesse processo. Foi estudado também uma evolução do termo Gestão de Pessoas e suas diversas nomenclaturas adotadas ao longo do tempo, e as influências dessas nomenclaturas no relacionamento com os funcionários. Essa pesquisa trouxe resultados positivos a respeito da influência da gestão de pessoas na melhoria da qualidade, mostrando que os interesses da empresa e dos funcionários podem sim caminhar juntos, desde que ambos os lados estejam satisfeitos, o que confirmou a hipótese inicial desse trabalho.

  12. Enfermeiros do trabalho: experiência interdisciplinar em saúde do trabalhador

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniela Inês Thier Roloff

    Full Text Available RESUMO Objetivo: analisar a relação profissional dos enfermeiros do trabalho com os demais integrantes do Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho (SESMT e caracterizar ações conjuntas desses profissionais em saúde do trabalhador. Método: qualitativo, exploratório e descritivo, com 34 profissionais de sete empresas da Macrorregião Sul, Rio Grande do Sul. Realizadas entrevistas e observações para Análise de Conteúdo de Bardin. Resultados: os SESMTs são multiprofissionais e intersetoriais. Os enfermeiros possuem relações de trabalho de natureza interpessoal, técnica/jurídica, de gestão e logística/organizacional, influenciadas pela divisão tanto técnica do trabalho quanto do próprio ambiente de trabalho da equipe, o que distancia áreas, gera conflitos e fragmenta as ações do serviço. Conclusão: há desafios para que o SESMT desenvolva um trabalho condizente com os seus objetivos legais, uma vez que equipe e empresas precisam compreender a importância da interdisciplinaridade para o sucesso das ações na atenção à saúde e segurança do trabalhador.

  13. Trabalhador com deficiência física: fragilidades e agravos autorreferidos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Débora Ribas Leal

    2013-02-01

    Full Text Available Este estudo teve como objetivo investigar fragilidades e agravos vivenciados por trabalhadores com deficiência física no seu ambiente de trabalho. Trata-se de um estudo de caso, de caráter descritivo, de abordagem qualitativa. Os dados foram coletados junto a oito trabalhadores com deficiência física e analisados mediante análise temática. A maioria dos sujeitos pesquisados refere ter encontrado dificuldades na busca do emprego e mencionam o preconceito e a acessibilidade como obstáculos. A maioria não identifica riscos para adoecimento no ambiente de trabalho. As pessoas com deficiência física devem ter conhecimentos acerca de seus direitos e sobre os riscos ocupacionais a que estão expostos, a fim de facilitar meios para a consolidação de uma sociedade cada vez mais inclusiva e promotora de ambiências saudáveis. Os profissionais de saúde devem fazer uma profunda reflexão a fim de que sejam colaboradores para a inclusão saudável de pessoas com deficiência em seus ambientes de trabalho.

  14. O medo: expressão de um coletivo de trabalhadores

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Andréa Luiza da Silveira

    2014-08-01

    Full Text Available Objetivou-se analisar a condição de possibilidade da experiência do medo relacionada à solidariedade e à resistência. Articulou-se a história do coletivo de trabalhadores dos frigoríficos da região oeste catarinense, enfatizando a constituição da gestão flexível a partir da década de 1990 e o processo de luta por uma representação sindical legítima, integrando poder público e movimentos sociais. Utilizou-se a pesquisa bibliográfica e documental e a pesquisa participante, mediante a vivência dos autores em atividades promovidas pelo sindicato da categoria. As análises, por um lado, resultaram no entendimento de que a luta dos trabalhadores dos frigoríficos da região de Chapecó (SC ocorreu, sobretudo, pelo controle do processo de trabalho, isto é, a normatização do ritmo, da jornada, das pausas e da temperatura; e, por outro lado, mostraram que o medo, como palavra referida recorrentemente, expressa certa relação com o futuro como de possibilidades mortas, apontando para novas investigações que contemplem quadros psicopatológicos.

  15. Contratos flexíveis de trabalho: diferentes perfis de trabalhadores qualificados brasileiros

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcia Carvalho de Azevedo

    2015-09-01

    Full Text Available RESUMOO objetivo neste artigo é discutir como profissionais que já passaram por vínculos tradicionais de trabalho se organizam na nova realidade laboral da experimentação de contratos flexíveis, considerados, na pesquisa aqui relatada, como contratos não CLT. Por meio de entrevistas realizadas com 43 trabalhadores bem qualificados, foi construída uma tipologia composta por nove perfis com caracterís ticas próprias, a saber: PJ, Paraquedista, Indiferente, Pragmático, Independente, Autônomo, Empresário, Ressentido e CLT. Mostra -se que a construção dos perfis ajudou a compor uma imagem de como essa realidade de trabalho é vivenciada por trabalhadores qualificados e conclui-se, nesse caso, que o trabalho flexível não é sinônimo de trabalho precário, pois não acarreta, necessariamente, prejuízos do ponto de vista profissional ou pessoal para o indivíduo que opta por realizá-lo.

  16. PROJETO ELABORAR: UMA EXPERIÊNCIA DE INTERVENÇÃO JUNTO A TRABALHADORES DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francisco Pablo Huascar Aragão Pinheiro

    2014-02-01

    Full Text Available O artigo relata uma experiência de intervenção realizada no Centro de Ciências Agrárias da Universidade Federal do Ceará. Fundamentada na Clínica da Atividade, caracteriza-se como uma ação de promoção à saúde, conforme a Política de Atenção à Saúde e Segurança do Trabalho do Servidor Público Federal. Participaram servidores técnico-administrativos que atuavam como secretários de cursos de graduação, pós-graduação, departamentos acadêmicos e com os docentes que chefiavam tais setores. A intervenção compreendeu três etapas:construção de análises e propostas de transformação, elaboração de um plano de ação e acompanhamento da implementação deste planejamento. Considerando a metodologia histórico-desenvolvimentista, foram utilizados a instrução ao sósia e a Escala de Avaliação do Contexto de Trabalho. Os trabalhadores identificaram problemáticas como: falhas na prescrição das atividades, dificuldades na relação com os colegas e com as chefias e debilidades nas condições de trabalho. Foram construídas propostas de transformação dos contextos laborais, assim como foi delineado um planejamento para sua execução. Concluiu-se que éimprescindível a criação de espaços de diálogo entre os servidores e a ampliação da interlocução destes com suas chefias imediatas, bem como um maior cuidado com a atualização das formas de prescrição e com a circulação de informações dentro da instituição.

  17. A produção das desigualdades: análise da relação entre trabalho infantil e indicadores sociais

    OpenAIRE

    Silveira, Natércia Janine Dantas da

    2014-01-01

    A Organização Internacional do Trabalho (OIT) estima que haja cerca de 118 milhões de crianças em todo o mundo submetidas ao trabalho infantil. No Brasil, há 3,5 milhões de trabalhadores entre 5 e 17 anos. Esse exercício de exploração constitui um grave problema da sociedade, inclusive de Saúde Pública, já que esses trabalhadores estão expostos a uma gama de riscos, quais sejam à saúde, à integridade física e até à vida, podendo torná-los adultos doentes e/ou interrompendo precocemente suas v...

  18. Estresse e suporte social na infância e adolescência relacionados com sintomas depressivos em idosos Stress and social support in childhood and adolescence related with depression symptoms in the elderly

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Paula Fabrino Bretas Cupertino

    2006-01-01

    Full Text Available Considerando o envelhecimento como período ligado às influências sócio-históricas e experiências ocorridas durante o desenvolvimento, torna-se importante investigar variáveis de outros períodos do curso da vida que possam estar implicadas na saúde dos idosos. Assim, o objetivo deste estudo foi avaliar a relação entre características do suporte social e estresse na infância/adolescência com sintomas depressivos na velhice. Utilizou-se a escala CES-D (Radloff, 1977 e a escala de suporte social e estresse na infância/adolescência do Davis Longitudinal Study on Aging (Aldwin, Sutton, Chiara, & Spiro, III, 1996. A amostra consistiu de 956 idosos com idade entre 60 e 103 anos (M= 72,4; DP= 8,2. Foram encontradas relações significativas entre estressores e disciplina recompensatória com sintomas depressivos, o que se atribui a características não-normativas destas variáveis para esta coorte.Considering the process of aging as a period connected to social and historical influences, and life experiences that occur during development, it's significant to investigate the variables of other periods from the course of life, which could be implicated in the health of elders. The purpose of this study, however, was to assess the relation amongst social support characteristics and stress during the childhood/adolescence period, and depression symptoms of the elderly. The CES-D scale (Radloff, 1977 and the social support and stress in childhood/adolescence scale from Davis Longitudinal Study on Aging (Aldwin, Sutton, Chiara, & Spiro, III, 1996 were used. The sample consisted of 956 elderly between 60 and 103 years old (M= 72,4; SD= 8,2. Significant connections had been found between stressors and compensatory discipline with depression symptoms, which has been attributed to non-normative characteristics of such variables for the present cohort.

  19. Testando o Modelo da Casa da Capacidade para o Trabalho entre profissionais do setor hospitalar

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Carmen Martinez

    Full Text Available RESUMO: Objetivo: Testar o Modelo da Casa da Capacidade para o Trabalho, verificando a hierarquia das dimensões propostas para um grupo de trabalhadores do setor hospitalar. Métodos: Estudo de coorte (2009-2011 conduzido com 599 trabalhadores de um hospital na cidade de São Paulo. Foi usado um formulário com questões sobre dados sociodemográficos, estilo de vida e condições de trabalho, e as versões brasileiras da Escala Estresse no Trabalho, Desequilíbrio Esforço-Recompensa, Work-Related Activities That May Contribute To Job-Related Pain and/or Injury e Índice de Capacidade para o Trabalho (ICT. Foi realizada análise de regressão logística hierárquica: as variáveis independentes foram alocadas em níveis de acordo com as dimensões do modelo teórico para avaliar os fatores associados ao comprometimento da capacidade para o trabalho (CT. Resultados: As variáveis associadas ao comprometimento da CT em cada dimensão foram: (a dimensão sociodemográfica: idade < 30 anos (p = 0,20, (b dimensão saúde: história de acidente de trabalho (p = 0,029, (c dimensão competência profissional: baixo nível educacional (p = 0,008, (d dimensão valores: intensificação do excesso de comprometimento (< 0,001, e (e dimensão trabalho: intensificação do desequilíbrio esforço-recompensa (p = 0,009 e das demandas elevadas (p = 0,040. Conclusão: Os resultados do estudo confirmaram as dimensões propostas para o Modelo da Casa da Capacidade para o Trabalho, indicando que ele é válido como representação de um construto multidimensional de determinação multicausal, podendo ser utilizado na gestão da CT.

  20. Acidentes de trabalho com trabalhadores de enfermagem Accidentes de trabajo con trabajadores de enfermería Work accidents involving nursing workers

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Emílio José Gonçalves Ribeiro

    2007-10-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi o de identificar e analisar acidentes e as cargas de trabalho a que estão expostos os trabalhadores de enfermagem no desenvolvimento de suas atividades. Trata-se de um estudo de caso, do tipo descritivo e exploratório, desenvolvido em um hospital de ensino do Distrito Federal. Foi realizado levantamento dos acidentes de trabalho registrados no SESMT e CCIH no período de janeiro de 1998 a dezembro de 2002 e identificadas essas cargas de trabalho. Constatou-se que os trabalhadores sofreram 76 acidentes de trabalho, dentre quais, 83,95% foram causados por materiais perfurocortantes, 8,64% por quedas, 6,17% por exposições a fluidos biológicos e 1,24% por contusões. A diversidade e simultaneidade de cargas de trabalho contribuíram para a ocorrência desses acidentes.El objetivo de este estudio fue identificar y analizar los accidentes de trabajo, bien com las cargas de trabajo e las que están expuestos los trabajadores de enfermería cuando desarrollan su processo de trabajo com enfermeros. Se trata de um estúdio de caso, de tipo descriptivo y explorativo realizado en un hospital de educación del Distrito Federal. El trabajo fue realizado estudiando los accidentes de trabajo registrados em SESMT y CCIH em el período de jenero de 1998 a diciembre de 2002 e identificando las cargas de trabajo. Se contaron 76 accidentes laborales entre los trabajadores. Las causas fueron: materiales perforadores-cortantes 83,95%, caídas 8,64%, exposiciones a fluidos biológicos, 6,17% e contusiones 1,24%. La diversidad y simultaneidad de las cargas contribuyen a la ocurrencia de accidentes de trabajo.The objective of this study was to identify and analyze work accidents as well the activities in which the nursing workers are exposed to. This is a study case, descriptive and exploratory, developed in a University Hospital in the Brazilian Federal District. It was done a survey on work accidents registered in SESMT and CCIH, from

  1. O impacto dos efeitos da ocupação sobre a saúde de trabalhadores: II - Mortalidade The impact of occupation on worker's health: II - Mortality

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    René Mendes

    1988-10-01

    Full Text Available Foi realizada revisão bibliográfica analítica com o objetivo de quantificar o impacto dos efeitos da ocupação sobre a mortalidade de trabalhadores em suas implicações sobre o setor saúde. As repercussões sobre a mortalidade de trabalhadores são medidas através das mortes diretamente relacionadas com o trabalho (acidentes do trabalho fatais e intoxicações fatais e das indiretamente relacionadas. Partindo das grandes causas de morte entre adultos - doenças cardiovasculares, câncer e mortes violentas - e explorando as informações obtidas em estudos epidemiológicos realizados em outros países, estimou-se a força da contribuição da ocupação sobre a mortalidade. O peso e a complexidade das repercussões sobre o setor saúde pressupõem um desempenho mais ativo na definição de políticas e responsabilidades, e na organização de ações destinadas a identificar, reduzir ou eliminar a participação dos riscos ocupacionais nas grandes causas de doença e morte.An attempt to estimate the impact of occupation on worker's health was made as part of the rationale for the progressive integration of Occupational Health into the Health Sector. In this second study, based on a critical review of the literature, the repercussions on mortality are discussed on this basis analysis of the Brazilian data on deaths directly related to occupation (fatal occupational accidents and acute poisonings, as well as on those indirectly so related. The analysis of the major causes of adult deaths - cardiovascular diseases, cancer and violent deaths - compared with the proportion of "work-relatedness" according to several epidemiologic studies carried out in developed countries, make possible an estimation of the influence of the contribution of occupation on mortality. The size of this contribution is the main argument for an active involvement of the health sector in Occupational Health issues, because of the heavy toll in terms of adult morbidity

  2. Consolidação da memória e estresse pós-traumático

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Quevedo João

    2003-01-01

    Full Text Available Vários estudos em humanos e animais têm demonstrado que a formação da memória é facilitada por um sistema modulatório endógeno, mediado pela liberação de hormônios de estresse e pela ativação da amígdala cerebral. Esse sistema é adaptativo em termos evolutivos, permitindo o reforço de memórias importantes para a sobrevivência. Em condições de estresse emocional, esse mesmo sistema pode levar à formação de memórias vívidas e duradouras, características do TEPT. O entendimento dos mecanismos da consolidação da memória pode contribuir para o tratamento do TEPT.

  3. Transtorno de estresse pós-traumático em pacientes de unidade de terapia intensiva

    OpenAIRE

    Caiuby,Andrea Vannini Santesso; Andreoli,Paola Bruno de Araújo; Andreoli,Sergio Baxter

    2010-01-01

    O transtorno de estresse pós-traumático tem sido descrito em pacientes após tratamento em unidade de terapia intensiva. O objetivo foi revisar estudos sobre os aspectos psicológicos e as intervenções terapêuticas destes pacientes após internação em unidade de terapia intensiva. Trinta e oito artigos foram incluídos. A prevalência de transtorno de estresse pós-traumático variou de 17% a 30% e a incidência de 14% a 24%. Os fatores de risco foram: história prévia de ansiedade, depressão ou pânic...

  4. Estresse osmótico na germinação de sementes de Petiveria alliacea L.

    OpenAIRE

    A. LAVEZO; L. F. BRAGA; A. C. BATISTÃO; L. V. BONFANTE

    2015-01-01

    RESUMOO trabalho teve como objetivo verificar os efeitos dos estresses hídrico e salino na germinação de sementes de Petiveria alliacea , bem como definir os limites máximos de tolerância da espécie a esses estresses. As sementes foram submetidas aos agentes osmóticos NaCl, CaCl2 e PEG nos potenciais à 0; -0,1; -0,2; -0,3; -0,4; -0,5; -0,6; -0,7; -0,8; -0,9 e -1,0 MPa sob temperatura constante de 25˚C e fotoperíodo de 12 horas, com avaliações diárias durante 30 dias. As variáveis analisa...

  5. Comprometimento organizacional de trabalhadores da vigilância sanitária em municípios do estado de Goiás

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Aparecida de Souza Melo

    Full Text Available Trata-se de estudo de campo, com abordagem quantitativa, sobre o nível de comprometimento organizacional de fiscais da vigilância sanitária municipal. Foram analisadas possíveis diferenças entre os grupos amostrais, divididos de acordo com suas características sociodemográficas. Participaram do estudo 335 fiscais de 53 municípios de Goiás, que responderam à Escala de Bases do Comprometimento Organizacional em 2011. A escala aborda sete diferentes tipos de vínculo que os trabalhadores têm em relação à instituição onde trabalham, além de dados pessoais e profissionais. As análises realizadas foram: descritivas, de variância e testes qui-quadrado. Encontrou-se alto comprometimento afetivo e alto sentimento de obrigação pelo desempenho no trabalho, baixos níveis nos sentimentos de afiliação e de obrigação em permanecer trabalhando na vigilância sanitária municipal, bem como diferenças entre grupos quando levadas em conta as características individuais e profissionais. Os gestores públicos da área devem atentar para a importância dos recursos humanos no desenvolvimento das políticas públicas e priorizar ações que resultem em níveis elevados de comprometimento desses profissionais.

  6. Talcose entre artesãos em pedra-sabão em uma localidade rural do Município de Ouro Preto, Minas Gerais, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Olívia Maria de Paula Alves Bezerra

    Full Text Available A talcose é uma pneumoconiose ainda pouco estudada em nosso meio. Sua ocorrência foi investigada no Distrito de Mata dos Palmitos, Ouro Preto, Minas Gerais, Brasil, entre artesãos em pedra-sabão, que trabalham em produção de base familiar, de caráter informal. Na localidade, vivem cerca de 180 habitantes, dos quais 108 se ocupam com o artesanato em pedra-sabão e 15 alternam a produção de peças artesanais com as atividades nas minas. Foram realizados exames clínicos, enfatizando a história ocupacional; questionário padronizado de sintomas respiratórios; radiografia de tórax (padrão OIT e espirometria. Observou-se baixa prevalência de queixas respiratórias, e a dispnéia foi o sintoma mais freqüente. A ocorrência de bronquite crônica foi identificada em 12 trabalhadores adultos. O exame radiológico de tórax evidenciou pequenas opacidades pulmonares em cinco trabalhadores, e 11 foram considerados suspeitos. Um trabalhador apresentou espessamento pleural em placa. Alterações na espirometria foram observadas em sete trabalhadores. O estudo da composição da poeira revelou a presença de fibras respiráveis de asbesto do grupo dos anfibólios (tremolita-actinolita. Esses resultados sugerem a ocorrência de talcoasbestose entre os artesãos em pedra-sabão.

  7. Suggestion of an inverse relationship between perception of occupational risks and work-related injuries Sugestão de uma associação inversa entre percepção de riscos ocupacionais e acidentes do trabalho

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ricardo Cordeiro

    2002-02-01

    Full Text Available Worker perception of risk influences worker behavior and consequently exposure to risks. However, an inverse relationship between perception of occupational risks and work-related injuries has not yet been clearly established. A matched case-control was performed aiming to investigate possible differences in perception of occupational risks between workers who had suffered occupational injuries and those who had not. Cases were defined as all 93 workers from a large metallurgical factory in southeastern Brazil, who had suffered occupational injuries during the year 1996. Controls were 372 workers who had not suffered occupational injuries, matched on the basis of the factory sector and jobs performed. Assessment of occupational risk perception was performed by asking the workers to fill out a questionnaire consisting of questions on specific risks related to problems in work relations, work per se, and mode of production. The findings suggest that the degree of perception that workers with occupational injuries have of some occupational risks is lower than that of their non-injured coworkers.A percepção que o trabalhador tem dos riscos ocupacionais a que está exposto, influencia seu comportamento e sua própria exposição a riscos. Entretanto, uma relação inversa entre percepção de riscos ocupacionais e acidentes do trabalho, embora especulada, não foi ainda claramente estabelecida. Este é um estudo caso-controle objetivando investigar a existência de diferenças na percepção de riscos ocupacionais entre trabalhadores acidentados e não acidentados. Os casos foram todos os 93 trabalhadores de uma grande metalúrgica de Botucatu, que sofreram acidentes do trabalho no ano de 1996. Para cada caso foram aleatoriamente alocados quatro controles não acidentados, emparelhados segundo a seção de trabalho e a função do trabalhador acidentado na semana do acidente. A mensuração da percepção de riscos ocupacionais de casos e controles

  8. Transtorno de estresse pós-traumático e a presença de recordações referentes à unidade de terapia intensiva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jaquilene Barreto da Costa

    2012-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Identificar a incidência de transtorno de estresse pós-traumático (TEPT em pacientes submetidos à ventilação mecânica (VM e analisar a sua relação com variáveis clínicas, demográficas e presença de recordações referentes à unidade de terapia intensiva (UTI. MÉTODO: Estudo prospectivo longitudinal realizado durante o período de um ano na UTI de um hospital-escola. A avaliação ocorreu três meses após a alta da UTI durante consulta ambulatorial. Os sujeitos foram avaliados utilizando-se um instrumento para avaliar memórias de UTI (IAM-TI e o Impact of Event Scale-Revised (IES-R, para avaliar o TEPT. RESULTADOS: Do total de respondentes, 68,8% eram do sexo masculino, a idade variou entre 18 e 79 anos, com média de 43,5 anos ± 17,1. Quanto à avaliação dos pacientes, 14,5% apresentaram sintomas de TEPT, quando utilizado um ponto de corte > 20 pontos. Para uma melhor precisão diagnóstica, foi utilizado também o ponto de corte ≥ 33 pontos e, nesse caso, sete pacientes (5,1% apresentaram o transtorno. CONCLUSÃO: Poucos pacientes preencheram todos os critérios para o diagnóstico de TEPT, indicando que a grande maioria deles apresentou apenas sintomatologia relacionada ao TEPT.

  9. Sintomas de estresse pós-traumático em profissionais durante ajuda humanitária no Haiti, após o terremoto de 2010

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Melissa Simon Guimaro

    2013-11-01

    Full Text Available O artigo tem por objetivo rastrear sintomatologia de transtorno de estresse pós-traumático (TEPT em profissionais que prestaram ajuda humanitária à população haitiana, após o terremoto de 2010. Estudo transversal. A sintomatologia de TEPT foi avaliada pela Escala Impacto do Evento - Revisada (IES-R. Os participantes foram 32 brasileiros (idade m = 37.58 +/- 7.01, 22 estadosunidenses (idade m = 33.67 +/- 8.03 e 12 equatorianos (idade m = 44.80 +/- 15.88 e não apresentaram sintomatologia de TEPT. A relação entre as variáveis experiência prévia em situação de desastre e escore total da IES-R [F(2 = 4.34, p = 0.017] bem como experiência prévia em situação de desastre e subescala intrusão [F(2 = 3.94, p = 0.024] foram significantes nos modelos de regressão linear. Experiência prévia se mostrou preditor significante para escore total da IES-R (p < 0,05. Os resultados demonstraram que vivências atuais podem ser potencializadas pelas memórias de experiências anteriores, aumentando a probabilidade de desenvolvimento de TEPT. Portanto, o cuidado com a saúde mental dos profissionais deve favorecer a precoce identificação do fator de risco experiência prévia, não permitindo que a iniciativa voluntária se sobreponha aos critérios seletivos e aos cuidados específicos.

  10. Caracterização dos sintomas físicos de estresse na equipe de pronto atendimento

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sílvia Maria de Carvalho Farias

    2011-06-01

    Full Text Available O profissional de enfermagem que atua no Pronto Atendimento sofre sintomas físicos de estresse em sua atividade diária. O objetivo desta pesquisa foi caracterizar esses sintomas com utilização do instrumento semiestruturado Occupational Stress Indicator. Para tanto, os autores elaboraram perguntas abertas, aplicadas em entrevistas gravadas e analisadas. Os sintomas físicos listados pelos pesquisadores foram: cefaléia, sensação de fadiga, dores nas pernas e taquicardia. Segundo relatos dos colaboradores, as dores sempre resultavam de estresse emocional ou surgiam após atendimentos emergenciais, o que leva a crer que existe uma grande dificuldade desses colaboradores em separar o estresse físico do psíquico. A investigação determinou a necessidade de medidas para acompanhamento dos funcionários na sua atividade laboral. Elaborou-se uma cartilha com sugestões básicas para a melhoria da qualidade de vida da equipe de saúde.

  11. Estresse e risco cardiovascular: intervenção multiprofissional de educação em saúde

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cármen Marilei Gomes

    2016-04-01

    Full Text Available RESUMO Objetivo: identificar o risco cardiovascular e o estresse em educadores (gestores e professores do sul do Brasil, avaliados antes e depois de intervenção com atividades de gerenciamento do estresse e educação em saúde. Método: estudo longitudinal do tipo antes e depois. A amostra foi constituída por 49 participantes. Foram obtidas variáveis sociodemográficas, antecedentes de morbidade e hábitos da vida diária. Os dados de risco para doença cardiovascular foram pressão arterial, índice de massa corporal, relação cintura-quadril, perfil lipídico e glicemia capilar. O estresse foi avaliado pelo Inventário de Sintomas de Stress para Adultos de Lipp (ISSL. O gerenciamento ocorreu durante quatro meses, em encontros semanais com equipe multidisciplinar. Resultados: após as intervenções, observou-se redução estatisticamente significativa das variáveis investigadas, salvo glicemia no grupo gestores. Conclusão: atividades de gerenciamento são potenciais ferramentas na identificação e controle dos fatores de risco estudados, em especial aquelas de foco multi e transdisciplinar.

  12. Reinserção do trabalhador alcoolista: percepção, limites e possibilidades de intervenção do enfermeiro do trabalho

    OpenAIRE

    Donato, Marilurde; Zeitoune, Regina Célia Gollner

    2006-01-01

    O estudo de cunho descritivo com abordagem qualitativa teve como objetivos identificar o conhecimento do enfermeiro do trabalho sobre o alcoolismo e o trabalhador alcoolista; descrever e analisar a sua percepção acerca da reinserção deste trabalhador no contexto laboral; e discutir as suas possibilidades e limitações de intervenções em relação a este trabalhador'. Os dados foram obtidos por meio de entrevistas com roteiro semi-estruturado, realizadas nas empresas onde trabalhavam os 27 sujeit...

  13. Riscos ocupacionais autorreferidos por trabalhadores de uma indústria de produção de fertilizantes – RS – Brasil

    OpenAIRE

    Liane Silveira da Rosa; Leticia Machado Pereira; Leticia Silveira Cardoso; Marta Regina Cezar-Vaz; Valdecir Zavarese da Costa

    2016-01-01

    Objetivo: descrever a exposição a riscos ocupacionais autorreferida por trabalhadores de uma indústria de fertilizantes sólido e líquido no Extremo Sul do Rio Grande do Sul – Brasil. Método: estudo descritivo, realizado com 78 trabalhadores, dos quais 49 atuavam no setor de produção e 29 no de movimentação e ensaque. Produziu-se uma análise quantitativa, aplicando-se a estatística descritiva para apresentar as características dos trabalhadores e a exposição aos riscos ocupacionais autorreferi...

  14. Estratégias de coping e níveis de estresse em pacientes portadores de psoríase Coping strategies and stress levels in patients with psoriasis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliana Dors Tigre da Silva

    2006-03-01

    Full Text Available FUNDAMENTOS: Pesquisas atuais estão direcionando seu foco aos aspectos psicossociais envolvidos nas dermatoses crônicas. Esses fatores podem contribuir para a exacerbação da psoríase entre 40 e 80% dos casos, causando grande impacto na qualidade de vida desses pacientes. OBJETIVOS: Verificar estratégias de coping e identificar níveis de estresse do portador de psoríase. MÉTODOS: Estudo transversal, com amostra de 115 pacientes, divididos em 61 com psoríase e 54 do grupo controle com dermatoses crônicas. Instrumentos: Inventário de Estratégias de coping e Inventário de Sintomas de Estresse para Adultos de Lipp. RESULTADOS: Destacam-se as estratégias de coping autocontrole (p=0,027 e fuga e esquiva (p=0,014 utilizadas mais pelo grupo com psoríase e níveis de estresse altos para os dois grupos (p=0,838. CONCLUSÃO: Pacientes com psoríase utilizam estratégias de coping específicas para o enfrentamento da doença de pele, quando comparados a outros pacientes com doenças crônicas de pele demonstrando relevante nível de estresse. A integração dos resultados possibilita o entendimento do estado específico que portadores de psoríase vivenciam e que denuncia a premência de intervenções mais abrangentes que envolvam também as dimensões psíquica e social.ABSTRACT BACKGROUND: Psychosocial aspects are the current focus of research on chronic dermatoses. These aspects may contribute to exacerbation of psoriasis in 40 to 80% of cases, thus having great impact on patients’ quality of life. OBJECTIVES: This study aims to assess coping strategies and to identify stress levels of patients with psoriasis. METHODS: This is a cross-sectional study of a sample of 115 patients, which included 61 patients with psoriasis and 54 patients with other chronic dermatoses as controls. Instruments: The Ways of Coping Questionnaire and the Lipp Stress Symptoms Inventory for Adults. RESULTS: The coping strategies of self-control (p=0.027 and

  15. Adolescentes grávidas: sinais, sintomas, intercorrências e presença de estresse Adolescentes embarazadas: signos, síntomas, complicaciones y presencia de estrés Pregnant teens: signs, symptoms, complications and presence of stress

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Divanise Suruagy Correia

    2011-03-01

    Full Text Available Com o objetivo de analisar a correlação entre sinais, sintomas e intercorrências e a presença de estresse foram pesquisadas adolescentes grávidas em unidades de saúde de Maceió. Estudo quantitativo, transversal cujos dados foram coletados através de questionário e testes de levantamento de estresse aplicados em adolescentes atendidas no pré-natal. Os dados foram analisados pelo Programa Epi Info versão 3.5, usando-se odds como medida estatística. Pesquisou-se 140 grávidas, de 10 a 19 anos, identificando-se que 80,7% delas apresentavam algum grau de estresse, estando 57,1% na fase de resistência e 18,6% na fase de exaustão. Encontrou-se associação estatística entre estresse e alguns sintomas. Os resultados apontam a presença de estresse na adolescência e necessidade de atenção especial à saúde mental dessas gestantes.El objetivo de este estudio fue analizar la correlación de síntomas y enfermedades y estrés en adolescentes embarazadas atendidas en unidades de salud de Maceió. Estudio transversal, cuyos datos fueron recogidos a través de un cuestionario y de los testes de estrés. Los datos fueron analizados por el programa Epi Info versión 3.5, utilizando odds ratio como medida estadística. Fueron pesquisadas 140 jóvenes, 10 a 19 años, donde 80,7% tenían estrés, estando 57,1% en fase de resistencia y 18,6% en fase de agotamiento. Se observó la asociación entre el estrés y algunos síntomas. Los datos demuestran la presencia de estrés en la adolescencia y la necesidad de una especial atención a la salud mental de las adolescentes embarazadas.With the objective to analyze the correlation between signs, symptoms and complications and the presence of stress in pregnant adolescents were surveyed health facilities in Maceio. A quantitative, cross-sectional data were collected through questionnaire survey and tests of applied stress in adolescents treated in prenatal care. Data were analyzed by Epi Info version 3

  16. Oferta de trabalho e ciclo econômico: os efeitos trabalhador adicional e desalento no Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gustavo Gonzaga

    2011-06-01

    Full Text Available O efeito desalento foi introduzido por Long (1953. Segundo esse efeito, em momentos de recessão, quando o salário esperado e a probabilidade de conseguir uma vaga são mais baixos, trabalhadores desempregados optam por deixar de procurar emprego, o que provoca uma queda na taxa de participação na força de trabalho. O efeito trabalhador adicional, por outro lado, atua na direção oposta. A queda na renda real das famílias em períodos de recessão faz com que haja uma entrada de outros membros da família no mercado de trabalho remunerado, com o objetivo de manter o nível de consumo inalterado. O efeito trabalhador adicional tem sido medido pela entrada temporária de mulheres casadas - cujos maridos antes empregados, se tornam desempregados - na força de trabalho. Nesse trabalho, investigamos empiricamente, como os efeitos trabalhador adicional e desalento influenciam a taxa de participação no Brasil, utilizando os dados da PME. A análise empírica consiste em comparar a probabilidade de participação no mercado de trabalho de esposas cujos maridos permaneceram empregados ao longo da amostra com esposas cujos maridos perderam o emprego. O efeito desalento é captado pelo impacto sobre a participação das mudanças nos ciclos econômicos, que estão representados por desvios na média dos rendimentos do trabalho principal em cada período em relação a um determinado valor de referência. Mostramos que ambos os efeitos, apesar de incidirem sobre diferentes grupos de trabalhadores, são importantes determinantes do comportamento da taxa de participação no Brasil.

  17. Estresse, ciclo reprodutivo e sensibilidade cardíaca às catecolaminas Stress, reproductive cycle and cardiac sensitivity to cathecolamines

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Paula Tanno

    2002-09-01

    Full Text Available O estresse representa a resposta do organismo a estímulos aversivos ou a situações desconhecidas, cuja finalidade é a adaptação do indivíduo à nova condição. O agente estressante pode ser físico, químico, emocional e social. Diferentes estressores estão presentes no cotidiano dos seres humanos e podem favorecer o desenvolvimento de doenças degenerativas e acelerar o processo de envelhecimento, afetando o funcionamento de todo o organismo. Os principais mediadores da reação de estresse são as catecolaminas (norepinefrina e a epinefrina liberadas pelo sistema nervoso simpático e pela medula da glândula supra-renal, e os glicocorticóides liberados pelo córtex da supra-renal. As catecolaminas e os glicocorticóides iniciam eventos celulares que promovem mudanças adaptativas em células e tecidos, com a função de proteger o organismo e garantir a sua sobrevivência. Essa resposta a agentes estressores pode ser modificada pelas características do estímulo estressor e do indivíduo. Entre estas merecem destaque a idade, o sexo e, em fêmeas, a fase do ciclo reprodutivo. As variações nos níveis dos esteróides sexuais estradiol e progesterona, características do ciclo reprodutivo, modulam a secreção de CRH, ACTH e glicocorticóides que ocorrem na reação de estresse e estão envolvidos nas diferenças de resposta entre homens e mulheres. Vários estudos demonstraram que a exposição a estímulos estressores pode induzir alterações de sensibilidade às catecolaminas no tecido cardíaco, as quais têm sido relacionadas com processos adaptativos. Estas alterações incluem mudanças na atividade dos sistemas de metabolização das catecolaminas, na afinidade ou no número dos adrenoceptores, no acoplamento entre o receptor e a proteína G e em processos enzimáticos, que medeiam etapas intracelulares após a ativação do receptor. O estudo de tais alterações pode auxiliar na compreensão das alterações card

  18. Psychic workloads and strain processes in nursing workers of brazilian university hospitals Cargas psíquicas y procesos de desgaste en trabajadores de enfermería de hospitales universitarios brasileños Cargas psíquicas e processos de desgaste em trabalhadores de enfermagem de hospitais universitários brasileiros

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vivian Aline Mininel

    2011-04-01

    , especialmente a las cargas psíquicas. Esta exposición desencadena procesos de desgaste que comprometen la salud y calidad de vida, señalando la necesidad de realizar intervenciones en esta realidad.O objetivo deste estudo foi identificar o processo de trabalho, as cargas psíquicas e os desgastes gerados em trabalhadores de enfermagem, Esta pesquisa foi desenvolvida em cinco hospitais universitários brasileiros. A amostra foi composta por 62 trabalhadores de enfermagem e a coleta foi realizada por meio da técnica de grupo focal, seguida da aplicação da enquete coletiva. Os dados foram descritos numericamente e sistematizados, segundo análise temática. A população de estudo representou 35,37% da força de trabalho hospitalar, no cenário nacional. Os resultados mostram que os trabalhadores referiram exposição a diversos tipos de cargas psíquicas, relacionando-as a outras cargas de trabalho, destacando-se os desgastes decorrentes desse tipo de carga, como estresse, fadiga, gastrite e cefaleia. Conclui-se que os trabalhadores de enfermagem estão expostos a diversas cargas de trabalho no ambiente hospitalar, especialmente às cargas psíquicas. Essa exposição desencadeia processos de desgaste que comprometem a saúde e qualidade de vida, sinalizando a necessidade de intervenções nessa realidade.

  19. Estresse pós-traumático da criança sobrevivente de câncer e sua percepção acerca da experiência parental Post-Traumatic stress disorder of the child survivor of cancer and their perception about parental experience

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Camila Tokarski Boaventura

    2012-08-01

    Full Text Available Nas últimas décadas, paralelamente ao aumento progressivo das taxas de cura em Oncologia Pediátrica, evidencia-se um interesse crescente pela sobrevivência ao câncer na infância. Esta investigação teve como objetivo analisar essa experiência de sobrevivência ao câncer na infância, enfatizando a percepção da criança acerca da experiência parental e avaliando o Transtorno de Estresse Pós-traumático infantil nesse contexto. Realizaram-se entrevistas semiestruturadas com a criança, complementadas pela aplicação do UCLA Posttraumatic Stress Disorder Reaction Index for DSM-IV - Child Version. Evidenciaram-se taxas moderadas de diagnóstico total e parcial de Transtorno de Estresse Pós-Traumático. Especificamente no que se refere aos sintomas de estresse pós-traumático, os escores encontrados foram baixos. Os resultados também sugeriram uma relação entre o modo como a experiência parental é percebida pela criança e o escore total de gravidade de Transtorno de Estresse Pós-traumático Infantil. Recomendam-se estudos com amostras mais extensas, visando disponibilizar instrumentos de avaliação para a área da saúde.This investigation aimed to describe, analyze and comprehend the experience of survival after childhood cancer, emphasizing the child's perception of the parent's experience and the evaluation of the child Post-Traumatic Stress Disorder. So, semi-structured interviews were conducted with the participants, who also answered the UCLA Posttraumatic Stress Disorder Reaction Index for DSM-IV - Child Version. The child's perception of the parental experience confirmed evidences pointed out by specialized literature. The total and partial diagnosis rates of Post-Traumatic Stress Disorder were moderate. Finally, it was possible to suggest a likely connection between the way the parental experience is perceived and the total severity score of the Post-Traumatic Stress Disorder in children. Further investigation, with

  20. Prevalência de lesões labiais em trabalhadores de praia e fatores associados

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eudes Euler de Souza Lucena

    2012-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar a prevalência de lesões labiais decorrentes da exposição solar e potenciais associações em trabalhadores de praia. MÉTODOS: Estudo transversal com 362 trabalhadores de cinco praias urbanas em Natal, RN, de agosto a dezembro de 2010. Os participantes responderam um questionário validado com dados pessoais, de ocupação e de saúde e passaram por exame clínico dos lábios feito por pesquisadores calibrados. As possíveis associações das variáveis sociodemográficas, ocupacionais e de saúde geral com a presença de lesões labiais foram avaliadas pelo teste do qui-quadrado para um nível de significância de 5%. A análise multivariada foi feita utilizando-se a regressão robusta de Poisson. RESULTADOS: Dos trabalhadores examinados, 27,1% apresentavam lesões labiais. Desses, 76,8% eram do sexo masculino; 61,6% tinham pele morena ou negra; 94,5% trabalhavam informalmente; e 85,4% trabalhavam expostos ao sol. A maioria (81,1% relatou uso de algum tipo de fotoproteção: protetor solar (38,7%; protetor labial (15,3%; boné/chapéu (72,4%. Aproximadamente 28% eram fumantes e 48% consumiam álcool regularmente. A fotoproteção com uso de boné/chapéu foi associada à presença de lesões labiais decorrentes da exposição solar. CONCLUSÕES: Observou-se alta prevalência de lesões labiais nos indivíduos expostos ao sol, a qual foi associada ao uso de boné/chapéu como forma de fotoproteção.

  1. O perfil do trabalhador do conhecimento na percepção do gênero

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Valéria Macedo

    2017-04-01

    Full Text Available Baseado no  estudo da tipologia de papéis do trabalhador do conhecimento de Reinhardt et al (2011, este artigo aborda ações realizadas por estes profissionais, por papel e gênero, durante as suas rotinas nas organizações intensivas. Participaram da pesquisa 44 pesquisadores e docentes atuantes em centros de ensino e institutos de pesquisas brasileiros na área de biotecnologia e de ciência da computação. A coleta de dados foi realizada com questionário on-line e a análise de dados, empregou-se método quantitativo. Os resultados demonstraram que o papel mais importante para ambos os gêneros, masculino e feminino, foi o de Recuperador, com 31 respostas (74%; seguido pelo Networker,  com  24 respostas (57%. Todavia, ao analisar o segundo papel mais importante por gênero obteve-se resultado distinto.  Ao aplicar o teste paramétrico, test t para amostras independentes identificou-se que a variável Tipo de Profissional para os papéis Compartilhador e Solucionador resultaram do test t, respectivamente, 0,0287 e 0,0395; e para a variável Uso de Aplicativo, o papel de Linker resultou 0,04 no test t.  Os resultados inferiores  ao valor limiar de 0,05 demonstram que a hipótese nula foi rejeitada e há indícios de diferenças de gêneros nos papéis dos trabalhadores do conhecimento. Considerando a limitação do estudo, compreender o perfil do trabalhador do conhecimento e suas diferenças na dinâmica de trabalho, desde a criação e até os processos da gestão do conhecimento beneficiam as organizações que buscam se adaptar continuamente as novas formas de trabalho, impactar a produtividade e promover vantagem competitiva no mercado.

  2. METAS DE PRODUÇÃO PARA TRABALHADORES DE CORTE FLORESTAL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Amaury Paulo de Souza

    2015-08-01

    Full Text Available RESUMOA quantidade de produção por pessoa por turno de trabalho pode ser questionada pelo empregado, pelo empregador e pelos sindicatos, instituições governamentais e certificadoras. No setor florestal, o processo de determinar metas de produção, em geral, não leva em conta os fatores ergonômicos. O objetivo deste trabalho foi determinar metas de produção para atividade de corte florestal com motosserra (abate e traçamento de árvores, levando em consideração os fatores ergonômicos relacionados à atividade, como forma de prevenir danos à saúde dos trabalhadores. Os fatores ergonômicos foram avaliados utilizando a metodologia de análise ergonômica validada no meio científico. A organização do trabalho foi avaliada segundo a metodologia de análise de sistemas e estudos de tempos. Os resultados indicaram que o nível de vibração total (eixos X, Y e Z, o ambiente térmico expresso pelo Índice de Bulbo Úmido-Termômetro de Globo (IBUTG, o nível de ruído e a carga cardiovascular foram superiores aos limites recomendados para jornada de 8 h de trabalho. Os movimentos realizados pelos trabalhadores não foram enquadrados como repetitivos. As forças de compressão no disco L5-S1 da coluna vertebral foram próximas ou superiores ao limite. Com exceção do fator repetitividade, todos os fatores exigiram pausas de recuperação, sendo o nível de vibração da máquina o fator com maior exigência de tempo de pausas. A necessidade de aumentar o tempo de pausa ergonômica e diminuir o tempo de trabalho efetivo fez que a meta de produção fosse reduzida em 18%, para evitar danos à saúde do trabalhador.

  3. Diagnósticos de Enfermagem em trabalhadores hipertensos de uma empresa de transporte urbano coletivo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosa Maria Scanavini Pavan

    2005-08-01

    Full Text Available O presente trabalho consistiu da análise, através de estudo exploratório, dos diagnósticos de enfermagem mais freqüentes em trabalhadores hipertensos de uma empresa municipal de transporte urbano na cidade de Araras/SP. O trabalho foi conduzido por graduandos e enfermeiras docentes de uma universidade do interior paulista, durante o ensino prático de sistematização da assistência de enfermagem. Foram atendidos 205 trabalhadores adultos efetivos da empresa e utilizado o histórico de enfermagem, sendo destacadas a entrevista de enfermagem e o exame físico direcionado para a hipertensão arterial, doença crônica que se caracteriza pelo aumento dos valores das pressões sistólica e/ou diastólica, afetando cerca de vinte milhões de brasileiros. Foram identificados os três diagnósticos (déficit de conhecimento sobre a doença; distúrbio do padrão de sono e nutrição alterada, com ingestão maior do que as necessidades corporais por padrões de respostas humanas (conhecer, trocar, mover. A característica definidora levantada foi a verbalização do problema de falta de conhecimento sobre a doença – mesmo alguns trabalhadores já tendo recebido orientações médicas a respeito, e os fatores relacionados foram a falta de experiência prévia com esta patologia, baixa escolaridade e desinteresse quanto a maiores informações sobre a hipertensão arterial. Diante desses resultados, tornam-se prementes mais estudos direcionados à maior efetividade de propagação de informações sobre a doença e incentivos à detecção precoce, bem como aos procedimentos preventivos e à adesão aos tratamentos que possibilitarão a todos uma vida com qualidade e sem riscos.

  4. Relaciones entre abuso sexual en la infancia, trastorno de estrés post-traumático (TEPT) y perjuicios cognitivos

    OpenAIRE

    Borges, Jeane Lessinger; Dell'Aglio, Débora Dalbosco

    2008-01-01

    Este estudo teórico aponta as relações entre abuso sexual infantil, transtorno de estresse pós-traumático (TEPT) e prejuízos cognitivos. A perspectiva cognitiva dos efeitos do abuso sexual e do TEPT foi adotada nesta revisão. O abuso sexual contra crianças pode ser considerado um fator de risco para o desenvolvimento infantil, devido às severas seqüelas cognitivas, emocionais e comportamentais relacionadas à sua ocorrência, podendo seu impacto envolver efeitos a curto e longo prazos e estende...

  5. Impact of childhood stress on psychopathology Impacto de estresse na infância na psicopatologia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elisa Brietzke

    2012-12-01

    Full Text Available OBJECTIVE: Advances in our knowledge of mental disorder (MD genetics have contributed to a better understanding of their pathophysiology. Nonetheless, several questions and doubts persist. Recent studies have focused on environmental influences in the development of MDs, and the advent of neuroscientific methodologies has provided new perspectives. Early life events, such as childhood stress, may affect neurodevelopment through mechanisms such as gene-environment interactions and epigenetic regulation, thus leading to diseases in adulthood. The aim of this paper is to review the evidence regarding the role of the environment, particularly childhood stress, in the pathophysiology of MD. METHODOLOGY: We reviewed articles that evaluated environmental influences, with a particular focus on childhood trauma, brain morphology, cognitive functions, and the development of psychopathology and MD. RESULTS AND CONCLUSION: MRI studies have shown that exposure to trauma at an early age can result in several neurostructural changes, such as the reduction of the hippocampus and corpus callosum. Cognitive performance and functioning are also altered in this population. Finally, childhood stress is related to an increased risk of developing MD such as depression, bipolar disorder, schizophrenia and substance abuse. We conclude that there is robust evidence of the role of the environment, specifically adverse childhood experiences, in various aspects of MD.OBJETIVO: Avanços no conhecimento da genética dos transtornos mentais (TM contribuíram para um melhor entendimento de suas bases fisiopatológicas. No entanto, dúvidas e questões ainda persistem. Estudos recentes têm se concentrado nas influências do ambiente no desenvolvimento de TM, e o advento de metodologias neurocientíficas oferece novas perspectivas. Eventos precoces de vida, como estresse na infância, podem ser capazes de alterar o neurodesenvolvimento através de mecanismos como intera

  6. Psiconeuroendocrinologia do transtorno de estresse pós-traumático Psychoneuroendocrinology of posttraumatic stress disorder

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliana Elena Ruiz

    2007-05-01

    Full Text Available OBJETIVO: Os autores realizaram uma revisão tradicional da literatura sobre os achados neurobiológicos das disfunções do eixo hipotálamo-pituitária-adrenal associados ao transtorno de estresse pós-traumático. MÉTODO: Os achados científicos relevantes foram descritos de acordo com a ordem cronológica de publicação e as características dos estudos, se eram pré-clínicos, relacio-nados à violência precoce como fator de risco e, finalmente, achados clínicos em pacientes portadores de transtorno de estresse pós-traumático. RESULTADOS: Foi encontrada uma literatura rica de achados a respeito de disfunções do eixo hipotálamo-pituitária-adrenal e transtorno de estresse pós-traumático. Os achados mostraram que o transtorno de estresse pós-traumático está associado a disfunções deste eixo e de estruturas cerebrais como o córtex pré-frontal, hipocampo e amídala. Os pacientes com transtorno de estresse pós-traumático apresentam um aumento da responsividade dos receptores de glicocorticóides, sugerindo que a inibição do feedback negativo tem um papel importante na fisiopatologia do quadro. Estudos pré-clínicos com modelos animais de deprivação maternal evidenciaram que, dependendo de quando o trauma ocorre, a disfunção do eixo será diferente. Os estudos clínicos mostram que o estresse precoce está relacionado ao desenvolvimento de psicopatologia durante a vida adulta. CONCLUSÕES: As disfunções do eixo hipotálamo-pituitária-adrenal relacionadas ao transtorno de estresse pós-traumático são evidências robustas e os mecanismos subjacentes a ele são cada vez mais compreendidos.OBJECTIVE: To review the literature on neurobiological findings related to hypothalamic-pituitary-adrenal axis dysfunctions associated with posttraumatic stress disorder. METHOD: The relevant scientific findings were described according to the date of publication and the characteristics of the studies: preclinical studies, studies on

  7. Exposição a fungos dos trabalhadores dos ginásios com piscina

    OpenAIRE

    Viegas, Carla Sofia Costa

    2010-01-01

    RESUMO - Os trabalhadores dos ginásios com piscinas apresentam maior prevalência de lesões fúngicas, como a Tinea pedis e a onicomicose, devido às características intrínsecas da sua actividade profissional, pois apresentam mais horas por dia de exposição à contaminação fúngica das superfícies. Esta situação verifica-se não só por serem os que mais frequentam os locais possíveis de estarem contaminados, como é o caso de balneários, vestiários e zona envolvente às piscinas, mas t...

  8. Análise de riscos tecnológicos ambientais: perspectivas para o campo da saúde do trabalhador Analysis of environmental technological risks: prospects for the worker's health field

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcelo Firpo de Souza Porto

    1997-01-01

    Full Text Available O objetivo deste artigo é trazer para o âmbito da saúde pública, particularmente para o campo da Saúde do Trabalhador, questões teóricas e desafios colocados pelos denominados riscos tecnológicos ambientais, os quais se relacionam e ultrapassam o universo dos ambientes de trabalho. Partindo-se dos riscos químicos industriais, demonstra-se a vulnerabilidade das sociedades contemporâneas face aos mesmos e seu agravamento nos países de economia periférica. Em seguida, apresenta-se o escopo das análises de riscos pelas vertentes da engenharia, toxicologia e epidemiologia, bem como a crítica que as ciências sociais vem realizando sobre as mesmas. Conclui-se que a Ciência não é capaz de dar conta isoladamente de problemas complexos como os riscos tecnológicos ambientais. Para se avançar sobre esses limites, diversas propostas integradoras do nível teórico-metodológico vêm sendo desenvolvidas nos campos da análise de riscos e da saúde do trabalhador. Dentre estas, destacam-se aquelas sobre interdisciplinaridade, abordagens sistêmicas e participativas, que incorporam o saber dos trabalhadores e comunidades, forjando a interação entre conhecimento e diálogo como condição fundamental da prevenção e controle dos riscos tecnológicos ambientais.The objective of this paper is to identify theoretical questions and challenges for the public health field, especially the field of workers' health, raised by technological and environmental risks related to the workplace but going beyond it. Using industrial chemical risks as an example, the authors show the vulnerability of contemporary societies in handling such risks and the worsening situation in peripheral countries. The scope of risk analysis is presented according to the engineering, toxicological, and epidemiological approaches as well as the critique raised by the social sciences. Science alone cannot solve such complex problems as technological and environmental risks. To

  9. Qualidade de vida e sintomas osteomusculares em trabalhadores de higiene e limpeza hospitalar Calidad de vida y síntomas osteomusculares en trabajadores de la higiene y limpieza hospitalaria Quality of life and musculoskeletal symptoms in hospital housekeeping workers

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Norton de Assumpção Martarello

    2009-06-01

    Full Text Available Pesquisa retrospectiva de caráter descritivo, utilizando questionários estruturados e validados, que estudou 86 trabalhadores do serviço de higiene e limpeza, expostos à imensa diversidade de riscos ocupacionais em um hospital público municipal de urgência, emergência e ensino. O objetivo do estudo foi identificar aspectos da qualidade de vida e de sintomas osteomusculares em trabalhadores de higiene e limpeza hospitalar. Os resultados encontrados na aplicação do Questionário Nórdico confirmaram a existência de problemas em alguma parte do corpo do trabalhador. Esse achado acusou sintomas osteomusculares, principalmente nos seguintes segmentos corporais: ombros, parte superior das costas, pescoço e parte inferior das costas. A diferença entre os grupos de trabalhadores com ou sem presença de sintomas osteomusculares apontados no Questionário Nórdico e obtidos por aplicação do questionário genérico de avaliação da Qualidade de Vida (SF-36 revelou-se significante nos domínios Capacidade Funcional, Dor, Estado Geral de Saúde, Vitalidade e Saúde Mental.Investigación de carácter descriptivo, retrospectiva, utilizando cuestionarios estructurados y validados, que estudió 86 trabajadores del servicio de higiene y limpieza, expuestos a una inmensa diversidad de riesgos ocupacionales en un hospital público municipal de urgencia, emergencia y enseñanza. El objetivo del estudio fue identificar aspectos de la calidad de vida y de síntomas osteomusculares en trabajadores de higiene y limpieza hospitalaria. Los resultados encontrados durante la aplicación del Cuestionario Nórdico confirmaron la existencia de problemas en alguna parte del cuerpo del trabajador. Lo encontrado acusó síntomas osteomusculares principalmente en los segmentos corporales: hombros, parte superior de la espalda, cuello y parte inferior de la espalda. La diferencia entre los grupos de trabajadores con o sin presencia de síntomas osteomusculares

  10. Educação ambiental e o conhecimento do trabalhador em saúde sobre situações de risco Environmental education and health workers' knowledge on risk situations

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Miriam Maraninchi Alam

    2005-12-01

    Full Text Available Este texto trata da análise, no processo de trabalho em saúde, das características do conhecimento adquirido e produzido pelos trabalhadores, acerca da prevenção e controle de acidentes com materiais perfurocortantes e fluidos biológicos no ambiente hospitalar. Verifica a presença ou não de uma visão integrada de saúde entre trabalhador e instituição. Caracteriza-se como uma pesquisa quantitativa, com progressiva análise contextualizada e, portanto, com um enfoque qualitativo do problema, apoiada em conceitos de educação ambiental, trabalho e saúde. Um total de 130 trabalhadores, em dois Hospitais Universitários da Região Sul do extremo sul do Rio Grande do Sul, em setores de clínica médica, cirúrgica e de pronto atendimento. A análise dos dados foi realizada por meio do cruzamento dos ambientes institucionais e das categorias profissionais com variáveis que caracterizam o processo de trabalho. Entre os dois ambientes institucionais estudados, o Ambiente Institucional "B" apresentou um trabalho educativo, de prevenção e controle mais atuante do que no Ambiente Institucional "A" e, conseqüentemente, uma maior aderência de seus trabalhadores sobre a necessidade de trabalharem com mais segurança.This work intents to analyse, on the health-care work environment, the characteristics of the knowledge acquired and produced by the workers, about accidents prevention and control with cutting material and biological fluids in the hospital environment. It verifies the presence or not of an integrated vision of health between the worker and the institution. It can be described as a quantitative research, in combination with a progressive and contextualized analysis that, therefore, brings a qualitative approach of the problem, supported in concepts as ambiental education, work and health. A total of 130 workers, in two college hospitals situated on the extreme south of the South region of the Rio Grande do Sul, of medical pratice

  11. Fatores de risco para hipertensão arterial e diabete melito em trabalhadores de empresa metalúrgica e siderúrgica Risk factors for hypertension and diabetes mellitus in metallurgic and siderurgic company's workers

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Carmen Martinez

    2006-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Estudar os fatores associados à hipertensão arterial (HA e ao diabete melito (DM em trabalhadores de empresa metalúrgica e siderúrgica com unidades em São Paulo e Rio de Janeiro, mediante um modelo hierárquico de risco. MÉTODOS: Este é um estudo transversal. Foram obtidas informações sobre variáveis demográficas, ocupacionais, do estilo de vida, perfil lipídico, glicemia de jejum e pressão arterial de 3.777 empregados, e realizadas análise estatística descritiva e análise de regressão logística múltipla hierarquizada. RESULTADOS: A prevalência de HA foi de 24,7%, e a análise de regressão hierarquizada indicou que sexo masculino e idade acima de quarenta anos apresentaram risco estatisticamente significativo. Independentemente das características demográficas, trabalhar em metalurgia, estresse intenso no trabalho, sedentarismo, consumo de álcool, índice de massa corporal superior a 25, colesterol alterado e triglicérides alterados estiveram associados com a HA. A prevalência de DM foi de 11,5%, e a análise de regressão hierarquizada indicou que sexo masculino e idade acima de quarenta anos apresentaram risco estatisticamente significativo. Independentemente das características demográficas, as mesmas condições estiveram associadas com a DM. CONCLUSÃO: Os dados evidenciaram que o trabalhador acima de quarenta anos é uma prioridade para ações de intervenção que possam favorecer a prevenção dos dois agravos. Nessas ações, deve-se dar atenção especial à alimentação e à prática de exercícios físicos, que favoreceriam o controle da obesidade e da alteração do perfil lipídico.OBJECTIVE: To study the factors associated with arterial hypertension (AH and diabetes mellitus (DM in a metal and steel industry's workers with units in São Paulo and Rio de Janeiro, using a hierarchical risk model. METHODS: This is a cross-sectional study. We obtained information on demographic, occupational and

  12. Associação entre espondiloartrose lombar e trabalho pesado

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Raimundo Antonio da Silva

    Full Text Available OBJETIVO: Estudar uma possível associação entre espondiloartrose lombar e trabalho pesado. METODOLOGIA: Estudo epidemiológico transversal realizado no período de outubro/04 a outubro/05, baseado em casos atendidos por um hospital público de São Luís, MA, Brasil. Trabalhadores (1256 encaminhados ao serviço de ortopedia foram submetidos à História Ocupacional, Exame Físico Ortopédico e Radiografia de Coluna Lombar e Lombossacra em AP/P e Oblíqüa. Critérios de inclusão e exclusão selecionaram 456 trabalhadores de ambos os gêneros, na faixa etária de 28 a 48 anos. Estes foram agrupados, conforme sua ocupação, em trabalho pesado e não pesado e submetidos aos critérios diagnósticos de espondiloartrose lombar. RESULTADOS: A associação entre trabalho pesado e espondiloartrose lombar foi realizada através do cálculo da razão de prevalências, cujo resultado mostrou-se elevado, evidenciando uma possível associação. A interferência de outras variáveis como possível viés de confundimento, tais como idade, gênero e peso corporal (IMC, foram controladas na fase de análise de dados através do teste de Mantel-Haenzel. O resultado final mostrou que não houve interferência dessas variáveis. CONCLUSÕES: ESTE estudo indicou uma possível associação entre exposição a trabalho pesado e espondiloartrose lombar.

  13. A educação para a saúde dos trabalhadores no contexto da acumulação flexível: novos desafios Educating workers for health in a flexible accumulation context: new challenges

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elizabeth Garzuze da Silva Araújo

    2004-09-01

    Full Text Available Este artigo apresenta parte dos resultados de uma pesquisa com trabalhadores numa refinaria de petróleo, durante a implantação de novas tecnologias em sua planta industrial. A pesquisa buscou verificar o que estas modificações no processo de trabalho produzem na saúde dos trabalhadores. Os resultados mostraram que as novas tecnologias de automação alteram o conteúdo do trabalho, pois a máquina embute a ciência, não deixando mais transparecer o nexo causal entre a doença e a ferramenta de trabalho. Com base nos resultados, discutem-se aspectos que podem contribuir para a construção de uma nova pedagogia de educação para a saúde, que tome o trabalho como princípio educativo.This article presents the partial results of a research carried out with the workers of an oil refinery during the implantation of new technologies in their industrial plant. The research attempted to identify what effects these changes in the work process had on the workers' health. The results showed that the new automation technologies altered the work content, in the sense that science becomes imbedded in the machine and the causal nexus between the illness and the work tool is no longer apparent. On the bases of the results, we discuss aspects that may contribute to the construction of a new pedagogy of education for health that uses work as its educational principle.

  14. Estresse e comportamento de colaboração em face do tratamento odontopediátrico Estrés y comportamiento de colaboración frente al tratamiento odontopediátrico Stress and collaboration behavior in facing pediatric dental treatment

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cármen Lúcia Cardoso

    2008-03-01

    Full Text Available A pesquisa foi realizada no contexto da disciplina de odontopediatria em uma clínica-escola. Objetivou-se caracterizar os problemas comportamentais das crianças atendidas e as manifestações de estresse das crianças, dos seus acompanhantes e dos alunos de odontologia, além de identificar o medo diante do tratamento odontológico dos acompanhantes e as possíveis associações entre as manifestações de estresse e a colaboração das crianças em face dos procedimentos odontológicos. Participaram do estudo 110 crianças, 110 acompanhantes e 70 alunos. Procedeu-se à aplicação dos seguintes instrumentos: Escala de Estresse Infantil; Escala Comportamental A2 de Rutter; Inventário de Sintomas de Estresse de Lipp; Dental Fear Survey. Constatou-se que o atendimento odontopediátrico mostrou-se permeado de manifestações de estresse por parte das crianças, acompanhantes e alunos, condição pouco favorecedora da aprendizagem dos alunos e de comportamentos de colaboração com o atendimento por parte das crianças, o que se fez presente em procedimentos de diferentes níveis de invasão.La investigación fue realizada en el contexto de la disciplina de odontopediatría en una clínica escuela. Tuvo como objetivo caracterizar los problemas comportamentales de los niños asistidos y las manifestaciones de estrés de los niños, de sus acompañantes y de los alumnos de odontología, además de identificar el miedo ante el tratamiento odontológico de los acompañantes y las posibles asociaciones entre las manifestaciones de estrés y la colaboración de los niños ante a los procedimientos odontológicos. Participaron del estudio 110 niños, 110 acompañantes y 70 alumnos. Se hizo la aplicación de los siguientes instrumentos: Escala de Estrés Infantil; Escala Comportamental A2 de Rutter; Inventario de Síntomas de Estrés de Lipp; Dental Fear Survey. Se constató que en la asistencia odontopediátrica hubo manifestaciones de estrés, en los

  15. Influência do estresse causado pelo transporte e método de abate sobre o rigor mortis do tambaqui (Colossoma macropomum)

    OpenAIRE

    Mendes, Joana Maia; Inoue, Luis Antonio Kioshi Aoki; Jesus, Rogério Souza

    2015-01-01

    ResumoO presente trabalho avaliou a influência do estresse pré-abate e do método de abate sobre o rigor mortis do tambaqui durante armazenamento em gelo. Foram estudadas respostas fisiológicas do tambaqui ao estresse durante o pré-abate, que foi dividido em quatro etapas: despesca, transporte, recuperação por 24 h e por 48 h. Ao final de cada etapa, os peixes foram amostrados para caracterização do estresse pré-abate por meio de análises dos parâmetros plasmáticos de glicose, lactato e amônia...

  16. Variação anual dos débitos expiratórios em trabalhadores da indústria têxtil. Relação com a exposição a endotoxinas bacterianas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    J. Torres da Costa

    1998-05-01

    Full Text Available RESUMO: Os trabalhadores da industría textil estāo expostos. puluentes ocupacionais que frequentemente são causa de doençã respiratória. Entre as patologias descritas, a bissinose, a tosse crónica e a asma são as mais comuns. parecendo a sua lncidência depender dos nivels de empoeiramento e endotoxinas a que os trabalhadores estão expostos.Neste estudo foi nosso objectivo avaliar a relação entre as caracteristicas do local de trabalho (empoeiramento e endotoxinas com a variaçã do VEMS, anual e ao longo do turno de trabalho, e a hiperreactrividade brônquica inespecifica (HRB.Assim, avaliámos 417 trabalhadores têxteis, 231 (fiação e 186 (tecelagem. Os trabalhadores da fiação estavam expostos a 0,68 mg/m3 de empoeiramento, e 14.2 ng/m3 de endotoxinas. Na tecelagem os trabalhadores estavam expostos a um empoeiramento de 0,42 mg/m3 não se tendo encontrado niveis mensuráveis de endotoxinas. Para os trabalhadores da fiação, os níveis de endotoxinal estavam relacionados com a HRB (r=0,32 p0001. The endotoxine levels were also superior among the workers who presented FEV1 variations through the shift≥5% or>200 ml (25.6±19.4 ng/m3 /6.8+0.7 ng/m3 p<0,0001. Dust levels were not related with BHR nor to the variation of FEVI during the shift.The annual FEV1 variation was studied for 3 years (D-FEV1 year, was higher in the spinning workers (-50.2±34 ml/-32.0±12 ml p<0.00001, and was related to endotoxine levels (r=0.48 p<0.001 and with BHR (r=-0.72 p<0.001. There was no relation with dust level. The workers who presented a positive FEV1 variation during the shift, also presented a higher D-FEV1 year, (-75.5±32.7 ml/-34.3±25.1 ml p<0.001.Among the spinning workers, 28.2% have respiratory symptoms. Byssinose was found in 7.7% and asthma in 13.4%, and among them the asthmatics have higher BHR (5.7±7.3 mg/ml/10.5±7.3 mg/ml p<0

  17. Efeitos genotóxicos e alterações de enzimas hepáticas em trabalhadores do refino de petróleo Genotoxic effects and hepatic enzymes alterations among petroleum refinery workers

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rozana Oliveira Gonçalves

    2005-10-01

    Full Text Available Um estudo de casos e controles, aninhado num estudo de coorte, investigou a associação entre efeitos genotóxicos e alteração de enzimas hepáticas em trabalhadores de uma refinaria de petróleo do Nordeste. Foram examinados todos os dez novos casos de alterações de enzimas hepáticas - gama-glutamil transferase (GGT e alanina aminotransferase (ALT - ocorridos em 2002. Dez trabalhadores sem alterações de GGT ou ALT foram selecionados como controles. Os efeitos do fumo, sexo, idade e consumo de café foram controlados. O efeito genotóxico foi avaliado pela técnica de trocas entre cromátides irmãs (TCI e alterações cromossômicas (AC estruturais. As médias de TCI por célula (3,92 ± 1,04 versus 4,25 ± 1,47 e de ACE (8,85 ± 3,4 versus 9,1 ± 3,7 não diferiram de forma significante entre casos e controles respectivamente.A case-control study, nested in a cohort study, investigated the association between genotoxic effects and hepatic enzymes alterations among workers in a petroleum refinery, Northeast Brazil. Ten cases of hepatic enzymes alterations - gamma-glutamyltransferase (GGT and Alanine aminotransferase (ALT - representing all incident cases occurring in the refinery during 2002, were examined. Ten workers without GGT and ALT alterations were selected as controls. The effects of smoking, sex, age and coffee consumption were controlled. The genotoxic effects were evaluated by the sister chromatid exchange (SCE and by the chromosomal aberrations (CA techniques. Mean SCE per cell (3.92 ± 1.04 versus 4.25 ± 1.47 and CA per cell (8.85 ± 3.4 versus 9.1 ± 3.7 did not differ significantly between cases and controls respectively.

  18. O estresse e a enfermagem: a percepção das auxiliares de enfermagem de uma instituição pública El estrés y la enfermería: la percepción de auxiliares de enfermería de una institución publica Stress and nursing: the nursing's auxiliaries perception of a public institution

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Thelma Spindola

    2007-06-01

    Full Text Available Estudo descritivo em abordagem qualitativa que teve como objetivo identificar como as auxiliares de enfermagem relacionam o estresse às suas atividades diárias. Foram investigadas 15 trabalhadoras de um hospital público no município do Rio de Janeiro. A análise temática dos resultados evidenciou que o estresse é percebido como um distúrbio emocional que acarreta desequilíbrio da saúde mental, ocasionando irritação, mau humor e incapacidade para o trabalho. Não se julgam estressadas, embora algumas refiram esta sensação em certas ocasiões. Acreditam que a atividade laboral pode contribuir para o estresse pelas condições e características do trabalho que realizam. Podemos concluir que embora definam o estresse como um distúrbio e atuem em condições desfavoráveis, nem todas percebem a influência destes fatores no seu equilíbrio emocional, sendo importante que se valorize a saúde mental dos trabalhadores, especialmente os profissionais de enfermagem, que necessitam estar bem física e mentalmente para interagirem com a clientela auxiliando-os.Estudio descriptivo, con abordaje cualitativo, que tuvo como objeto identificar como las auxiliares de enfermería relacionan el estrés a sus actividades diarias. Fueron investigadas 15 trabajadoras de un hospital público del municipio de Rio de Janeiro. El análisis temático de los resultados reveló que el estrés es percibido como un disturbio emocional que causa un desequilibrio en la salud mental, provocando irritación, mal humor, e incapacidad para el trabajo. Estas profesionales no se consideran estresadas, aunque algunas mencionen estas sensaciones en ciertas ocasiones. Ellas creen que la actividad laboral puede contribuir para el estrés, debido a las condiciones y características del trabajo que realizan. Podemos concluir aunque definan el estrés como un disturbio y actúen en condiciones desfavorables, no son todas las que perciben la influencia de estos factores en su

  19. Manifestação emocional de estresse do paciente hipertenso Manifestación emocional de estrés del paciente hipertenso Emotional manifestation of stress in hypertensive patients

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adélia Paula de Castro

    2004-12-01

    Full Text Available Este estudo tem o propósito de descrever a manifestação emocional do paciente hipertenso. Para tal, recorreu-se a uma análise qualitativa e quantitativa das manifestações de estresse, a qual permitiu avaliá-la como a mais prevalente no paciente hipertenso. A metodologia utilizada foi parte do instrumento de avaliação de estresse do hipertenso (IAEH, a que tratava das manifestações emocionais. A população de estudo compreendeu 136 pacientes hipertensos que freqüentaram o ambulatório de Hipertensão da Unidade Clínica de Hipertensão da Divisão de Cardiologia e Nefrologia do Departamento de Clínica Médica do Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto HCFMRP-USP. O estudo foi analisado pelo Comitê de Ética em Pesquisa dessa instituição e foi aprovado. A manifestação emocional foi considerada grande entre os sujeitos, apresentando-se em 52% dos pacientes que demonstraram sintomas de estresse. Essa pesquisa poderá contribuir para o ensino, pesquisa e assistência prestada ao paciente hipertenso.Este estudio de hipertensión tiene el propósito de describir la manifestación emocional del paciente hipertenso, para lo cual fue aplicado un análisis cuali-cuantitativo sobre las manifestaciones de estrés, permitiendo evaluar la manifestación emocional del estrés como la más prevalente en el paciente hipertenso. La metodología utilizada hace parte del instrumento de evaluación de estrés del paciente hipertenso (IAEH y trata de manifestaciones emocionales. La población de estudio fue de 136 pacientes hipertensos que frecuentaron el servicio de ambulatorio de hipertensión de la unidad clínica de la división de cardiología y nefrología del departamento de clínica médica del "Hospital das Clínicas" de Ribeirao Preto (HCFMRP-USP. El estudio fue analizado y aprobado por el comité de ética en investigación. La manifestación emocional fue considerada elevada entre los sujetos, presentando el 52% de los pacientes s

  20. Fatores de risco modificáveis para doença arterial coronariana nos trabalhadores de enfermagem Factores de riesgo modificables para la enfermedad arterial coronaria en los trabajadores de enfermería Modifiable risk factors for coronary artery disease among nursing staff of a general hospital

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cyntia Oliveira Maia

    2007-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: identificar os fatores de risco (FR modificáveis para doença arterial coronariana (DAC nos trabalhadores de enfermagem de um hospital geral. MÉTODOS: estudo com 209 trabalhadores submetidos a exame antropométrico e aferição da pressão arterial. Foram realizadas coletas capilares para verificar os níveis de colesterol total e glicemia para cálculo do índice de massa corporal (IMC. Aplicado questionário sobre atividade física e estresse. Os FR para DAC foram quantificados e avaliados. RESULTADOS: da amostra, 19,1% eram estressados, 29,7% hipertensos e 27,7% apresentaram CT>200mg/dl. O tabagismo corresponde a 28,8% dos técnicos. Os auxiliares apresentaram maior índice de IMC e nível de estresse; os enfermeiros foram os mais hipertensos. Sedentarismo estava presente em mais da metade da amostra. CONCLUSÃO: este estudo mostra a identificação e quantificação dos diferentes FR para DAC, pois a partir do conhecimento da realidade epidemiológica, é possível desenvolver ações e educação em saúde relevantes na intervenção preventiva.OBJETIVO: identificar los factores de riesgo (FR modificables para enfermedad arterial coronaria (DAC en los trabajadores de enfermería de un hospital general. MÉTODOS: estudio realizado con 209 trabajadores sometidos a examen antropométrico y evaluación de la de la presión arterial. Se llevaron a cabo recolecciones capilares para verificar los niveles de colesterol total y glicemia para el cálculo del índice de masa corporal (IMC. Se aplicó un cuestionario sobre actividad física y estrés. Los FR para DAC fueron cuantificados y evaluados. RESULTADOS: de la muestra, 19,1% eran estresados, 29,7% hipertensos y 27,7% presentaron CT>200mg/dl. El tabaquismo corresponde al 28,8% de los técnicos. Los auxiliares presentaron mayor índice de IMC y nivel de estrés; los enfermeros fueron los más hipertensos. El Sedentarismo estaba presente en más de la mitad de la muestra. CONCLUSI

  1. Diabetes mellitus: fatores de risco em trabalhadores de enfermagem Diabetes mellitus: factores de riesgo en trabajadores de enfermería Diabetes mellitus: risk factors for nursing workers

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosa Maria Fernandes Vilarinho

    2010-01-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Identificar os fatores de risco para o diabetes mellitus tipo 2, entre trabalhadores de enfermagem do Instituto Estadual de Diabetes e Endocrinologia Luiz Capriglione. MÉTODOS: Estudo transversal com aplicação de dois instrumentos de coleta de dados que incluíram questões abertas e fechadas relativas ao estado de saúde e estilo de vida de 100 trabalhadores de enfermagem dessa instituição de saúde. Foram ainda verificados dados de natureza bioquímica e antropométrica. RESULTADOS: Os resultados confirmaram a ocorrência de importantes fatores de risco de natureza reversível, destacando-se o sedentarismo e a obesidade. CONCLUSÃO: Considera-se a importância do desenvolvimento de ações visando a promoção da saúde com enfoque na prevenção de doenças crônicas, a serem realizadas no próprio ambiente de trabalho.OBJETIVOS: Identificar los factores de riesgo para la diabetes mellitus tipo 2 entre trabajadores de enfermería del Instituto Estatal de Diabetes e Endocrinología Luiz Capriglione. MÉTODOS: Se trata de un estudio transversal con aplicación de dos instrumentos de recolección de datos que incluyeron preguntas abiertas y cerradas relacionadas al estado de salud y estilo de vida de 100 trabajadores de enfermería de esa institución de salud. Fueron también verificados datos de naturaleza bioquímica y antropométrica. RESULTADOS: Los resultados confirmaron la ocurrencia de importantes factores de riesgo de naturaleza reversible, destacándose el sedentarismo y la obesidad. CONCLUSIÓN: Se considera importante desarrollar acciones que tengan por objetivo la promoción de la salude con enfoque en la prevención de enfermedades crónicas, a ser realizadas en el propio ambiente de trabajo.OBJECTIVES: To identify risk factors for type 2 diabetes mellitus, among nursing workers at the State Institute of Diabetes and Endocrinology Luiz Capriglione. METHODS: This is a cross-sectional study in which were applied two

  2. O processo de integração regional: fronteiras abertas para os trabalhadores do Mercosul The process of regional integration: open borders for Mercosul workers

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sonia de Camargo

    2010-12-01

    Full Text Available O que me proponho neste trabalho é discutir o tema da livre circulação dos trabalhadores no Mercosul, levando-se em conta que esta liberdade - diferentemente de outras que aparecem como objetivos essenciais a serem alcançados no processo de integração desta sub-região - não faz parte do texto do Tratado de Assunção, assinado em março de 1991. Esta ausência é reveladora, na medida em que a liberdade de circulação de pessoas constitui um dos elementos que evidencia com maior clareza a existência de um processo de integração, na medida em que afeta diretamente a vida dos cidadãos assegurando seu livre trânsito dentro do bloco e oportunidades iguais entre os nacionais e não nacionais. No texto do referido Tratado, a integração aparece limitada à circulação de capitais, bens e serviços, liberdade assegurada pela eliminação de qualquer medida que possa prejudicá-la. Partindo dessa discussão, pretendo examinar quais os avanços institucionais já alcançados no sentido da criação de políticas que, concretamente, conduzam à abertura de fronteiras entre os países do Mercosul por meio das quais seus cidadãos - neste caso, os trabalhadores - possam se deslocar livremente e residir em seu local de trabalho. Para tanto, acredito que conhecer a experiência da União Europeia possa ser de grande utilidade.My proposal for this article is to discuss the free mobility of workers inside the Mercosul block, bearing in mind that this liberty, in the contrary of others issues that arise as essential aims to be reached in the integration process of the region, wasn't incorporated in the Assunção Treaty, signed in march 1991. This absence is revealing in the sense that the liberty of circulation of persons is one of the elements that show with more evidence the existence of an integration process as it affects directly the life of its citizens ensuring their free displacement inside the region and equal opportunities among

  3. Transtorno de estresse pós-traumático como acidente de trabalho em um bancário: relato de um caso Trastorno por estrés postraumático como accidente laboral en un bancario: relato de caso Post-traumatic stress disorder as a result of occupational injury: the case of a bank employee

    OpenAIRE

    Erika Bucasio; Isabela Vieira; William Berger; Dulcéa Martins; Carmelita Souza; Deborah Maia; Ivan Figueira; Sílvia Jardim

    2005-01-01

    Este artigo relata o caso de um gerente de banco atendido por uma equipe multidisciplinar através de anamnese psiquiátrica e ocupacional e aplicação de entrevista psiquiátrica semi-estruturada (SCID) para transtorno de estresse pós-traumático (TEPT). O objetivo do artigo é exemplificar, com um caso clínico, as relações entre o TEPT e eventos traumáticos ocorridos no trabalho, demonstrando que o TEPT pode ser uma conseqüência de acidente de trabalho bancário. A visão do TEPT como doença ocupac...

  4. Efeitos da exposição ocupacional ao mercúrio em trabalhadores de uma indústria de lâmpadas elétricas localizada em Santo Amaro, São Paulo, Brasil Effects of occupational exposure to mercury in workers at a light bulb factory in Santo Amaro, São Paulo, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cecília Zavariz

    1993-06-01

    Full Text Available O presente estudo teve como objetivo verificar a intoxicação por mercúrio metálico em trabalhadores de uma indústria de lâmpadas elétricas situada em Santo Amaro, São Paulo. Foram realizadas visitas à empresa para verificação do ambiente e das condições de trabalho, além de reuniões com os trabalhadores para uma melhor compreensão acerca do processo produtivo e de suas repercussões na saúde. Foram investigados 91 trabalhadores, dos quais 77 (84,62% apresentaram quadro de intoxicação crônica. Entre os intoxicados, foram detectadas alterações nos testes neuropsicológicos em 76 (98,70%, alterações neurológicas em 69 (75,82%, alterações no exame clínico em 62 (68,13% e alterações psiquiátricas em 59 (63,96%.The aim of this research was to study metallic mercury poisoning in workers at a light bulb factory in Santo Amaro, São Paulo (Brazil. Visits were made to the factory to check both the work environment and the working conditions. Meetings with the workers took place in order to better understand the production process and how working conditions affect their health. Of the 91 workers investigated, 77 (84.62% were chronically poisoned. Among chronically poisoned workers, 76 (98.70% displayed neuropsychological alterations, 69 (75.82% suffered from neurological impairments, 62 (68.13% showed pathological findings under clinical examination, and 59 (63.96% displayed psychiatric disorders.

  5. Análise da exposição de Trabalhadores rurais a agrotóxicos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Danielle Ferreira de Siqueira

    2013-06-01

    Full Text Available Objetivo: Analisar o uso e manuseio de agrotóxicos por trabalhadores rurais de dez comunidades do município de Vitória de Santo Antão-PE. Métodos: Estudo observacional seccional descritivo realizado no período de janeiro a julho de 2010 por meio da aplicação de questionário estruturado a uma amostra de conveniência cujo tamanho foi estimado com um nível de significância (α de 5%, a fim de levantar variáveis relativas a dados pessoais, uso e manuseio de agrotóxicos. Resultados: Dos 230 trabalhadores rurais da região estudada, a maioria eram mulheres (n=157; 69,2% que cursaram até o ensino fundamental incompleto (n=130; 57%. Foi observado que 141 (61,3% trabalhadores entrevistados utilizavam agrotóxicos e apenas 3 (0,9% aplicavam o produto com orientação de técnicos especialistas. Dos entrevistados, 97 (28,3% desconhecem o período de carência, 67 (19,5% a lei de reciclagem, 95 (27,7% não usam equipamentos de proteção individual, 80 (23,3% utilizam-se dos rios para lavagem dos equipamentos e 108 (31,5% reutilizam as sobras das caldas. Conclusões: Ficam evidentes as exposições nocivas dos trabalhadores rurais que utilizam o produto e a permanente contaminação ambiental. Tais dados refletem um modelo agrícola que busca a produtividade e rendimento financeiro, sem a atenção adequada à promoção à saúde e à qualidade ambiental.

  6. Papel potencial do ácido rosmarínico sobre biomarcadores de estresse oxidativo e acetilcolinesterase de ratos diabéticos induzidos por estreptozotocina

    OpenAIRE

    Nadia Mushtaq

    2013-01-01

    O estresse oxidativo desempenha um papel significativo na patogênese do diabetes. O ácido rosmarínico (RA) foi utilizado pela primeira vez como agente antioxidante para a inibição da nefropatia diabética. O diabetes induzido por estreptozotocina (STZ) é capaz de destruir as células beta pancreáticas e produzir hiperglicemia causando estresse oxidativo. No presente estudo, investigou, a eficiência do ácido rosmarínico na prevenção de alteração de parâmetros oxidativos no fígado,...

  7. Fluorescência da clorofila a em folhas de tangerineira 'Ponkan' e limeira ácida 'Tahiti' submetidas ao estresse hídrico

    OpenAIRE

    Cruz,Maria do Céu Monteiro da; Siqueira,Dalmo Lopes de; Salomão,Luiz Carlos Chamhum; Cecon,Paulo Roberto

    2009-01-01

    O trabalho foi realizado com o objetivo de avaliar o estresse causado por deficiência hídrica para induzir o florescimento sobre a fluorescência da clorofila a em tangerineira 'Ponkan' e limeira ácida 'Tahiti'. As plantas foram enxertadas sobre o limoeiro 'Cravo', conduzidas em câmara de crescimento sob condições controladas. O estresse causado pela deficiência hídrica submetido à tangerineira 'Ponkan' e à limeira ácida 'Tahiti' reduziu a eficiência quântica potencial do fotossistema II (Fv/F...

  8. Work, precariousness and unionism: workers and work cooperatives Trabalho, precarização e sindicalismo: os trabalhadores e as cooperativas de trabalho

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jacob Carlos Lima

    2007-05-01

    Full Text Available The objective of this article is to discuss the precarious employment conditions at employee ownership and the role of unions face to this new situation. Cooperatives have multiplied all over the country and the assumed self-management in cooperatives is used, in great measure, as a way of lowering costs. After a period of hesitation facing the new reality, and still oriented according to different areas, industrial sectors and political orientation, unions have been classifying cooperatives in true or false. True cooperatives have the support of unions while false cooperatives, which include greater number of workers, are combated or simply ignored. Keywords: Workers cooperatives. Flexible work. Self-management. Unionism. Este artigo tem como objetivo discutir a terceirização industrial e a precarização do trabalho a partir da recuperação de uma forma de organização do trabalho descontextualizada de seus objetivos originais: o trabalho autogestionário em cooperativas de trabalho e os sindicatos frente a essas cooperativas. Muito disseminada pelo país a pretensa autogestão em cooperativas é utilizada, em grande medida, como forma de barateamento de custos empresariais. Após período de hesitação frente a esse quadro, a atuação sindical incide sobre uma classificação que visa separar os empreendimentos autogestionários entre verdadeiros ou falsos. Ainda que com posturas diferenciadas por ramos, setores produtivos e orientações específicas, as centrais sindicais têm apoiado aquelas consideradas cooperativas verdadeiras e combatido as que consideram falsas e que, ironicamente, englobam maior número de trabalhadores, e que terminam sendo ignorados pelo sindicato. Palavras-chave: Cooperativas de trabalho. Trabalho flexível. Trabalho autogestionário. Sindicalismo.

  9. Sem medo do desemprego: o caso do movimento dos trabalhadores desempregados Without fear of the unemployment: the case of the movement of unemployded workers

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patrícia Martins Goulart

    2003-01-01

    Full Text Available Este artigo é uma síntese da pesquisa realizada junto ao Movimento dos Trabalhadores Desempregados - MTD, durante um curso de mestrado no Programa de Pós-graduação em da PUCRS. A investigação objetivou conhecer as articulações psicossociais entre o engajamento no movimento social e a possibilidade de superar o desemprego, a partir de entrevistas semi-estruturadas e observações participante de reuniões gerais dos acampados. O estudo revelou que o engajamento na proposta coletiva está vinculado a um projeto de reforma urbana, que viabilize moradia e trabalho para comunidades de desempregados. Esta pesquisa aponta alterações em níveis micro e macrossociais, advindas de resultados concretos, como a posse de quatrocentos hectares de terra cedidos pelo governo estadual e a proliferação de outras ações coletivas com características semelhantes.This article is a synthesis of the research accomplished with the Movement of the Unemployed Workers (MUW, during a master's degree course in the Program of Masters degree in Social Psychology, in the PUCRS. The investigation objectified knows the psychosocial articulations between engagement in the social movement and the possibility to overcome the unemployment. The study centered in interviews semi-structured and participants observations of general meetings of the camped. The approach revealed that the engagement in the collective proposal is entailed to a project of urban reform, which makes possible dwelling and work for unemployed communities. The study points alterations in micro and macro social levels, occurred of concrete results, like the ownership of four hundred hectares of land given by the state government and proliferation of other collective actions with similar characteristics.

  10. Sintomas de estresse em trabalhadoras de enfermagem de uma unidade de pronto socorro Síntomas de estrés en las trabajadoras de enfermería de una unidad de hospital de urgencias Stress symptoms in female nurses working in emergency rooms

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maycon Rogério Seleghim

    2012-09-01

    Full Text Available Estudo transversal, realizado em um Pronto-Socorro, com o objetivo de identificar a associação de dados sociodemográficos, ocupacionais e econômicos em trabalhadores de enfermagem com a presença de sintomas de estresse. Os dados foram coletados em julho e agosto de 2009, junto a 33 sujeitos, utilizando um Inventário de Sintomas de Estresse para Adultos. A maioria das trabalhadoras apresentava sintomas de estresse nas fases de resistência e de quase exaustão, com presença de sintomas psicológicos e físicos. Maiores frequências foram encontradas em trabalhadoras mais jovens, casadas, com ensino superior completo, católicas, que não possuem outro emprego, trabalham no período vespertino ou noturno e, como técnicas de enfermagem, atuam no setor há mais de seis anos e na enfermagem há menos de dez anos. Conclui-se, pela necessidade de atuação junto a essas trabalhadoras com o intuito de prevenir novos casos, tratar os existentes, a fim de evitar a evolução para estágios mais graves.Estudio transversal realizado en el Unidad de Urgencias con el objetivo de identificar la asociación de los datos sociodemográficos, laborales y económicos con la presencia de síntomas de estrés en trabajadores de enfermería. Los datos fueron recolectados en julio y agosto de 2009, junto a 33 sujetos, utilizando un Inventario de Síntomas de Estrés para Adultos. La mayoría de las trabajadoras presentaba síntomas de estrés en las fases de resistencia y de casi agotamiento, con presencia de síntomas psicológicos y físicos. Mayores frecuencias fueron encontradas en trabajadoras más jóvenes, casadas, con enseñanza superior completa, católicas, que no tienen otro empleo, trabajan en el período vespertino o nocturno y como técnicas de enfermería, actúan en el sector hace más de seis años y en la enfermería hace menos de 10 años. Se concluye por la necesidad de actuación junto a esas trabajadoras, para prevenir nuevos casos, tratar

  11. Negociações sociais para melhoria das condições de trabalho no setor de teleatendimento: o descompasso entre a posição das empresas e a realidade do trabalho

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Airton Marinho Silva

    2005-12-01

    Full Text Available Estudou-se a interação entre empresas de teleatendimento ("telemarketing", órgãos públicos interessados em saúde dos trabalhadores, assessorados por pesquisadores universitários, e entidade sindical de telefonistas, apresentando o descompasso entre as medidas tomadas pelas empresas para enfrentar os problemas de saúde dos trabalhadores e a realidade do trabalho. Partindo das manifestações desses atores em inquérito do Ministério Público do Trabalho e de estudos bibliográficos sobre o adoecimento de teleatendentes, analisam-se as posições das empresas em relação aos riscos gerados pelo trabalho em teleatendimento. Conclui-se, baseando-se nas manifestações empresariais, que existe uma posição de negação dos fatores de risco para adoecimento ocupacional dos teleatendentes e, ao mesmo tempo, de enfrentamento das exigências do setor público de proteção ao trabalho, evidenciando insuficiência das ações dos trabalhadores e limites do poder público nesse campo.

  12. Absenteísmo por transtornos mentais em trabalhadores de saúde em um hospital no sul do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leni de Lima Santana

    Full Text Available RESUMO Objetivo Descrever o perfil de adoecimento por transtornos mentais e comportamentais em trabalhadores de saúde de um hospital de ensino no sul do Brasil. Métodos pesquisa quantitativa, epidemiológica transversal retrospectiva cuja coleta de dados ocorreu por meio de documentos institucionais utilizados para alimentar o Sistema de Monitoramento da Saúde do Trabalhador de Enfermagem e envolveu todos os afastamentos ocorridos em 2011. Resultados Foram contabilizados 55 registros de afastamentos por Transtornos Mentais e Comportamentais que totalizaram 317 dias de absenteísmo. Os Técnicos de Enfermagem foram os profissionais mais afastados com o equivalente a 29,09% dos registros. As Unidades de Terapia Intensiva representaram os setores com o maior número de dias de absenteísmo, totalizando 81% e os Episódios depressivos obtiveram a frequência mais significativa, 52,72% dos transtornos mentais. Conclusão Os resultados evidenciaram que os transtornos mentais em trabalhadores de saúde constituem uma realidade preocupante que necessitam urgentemente de intervenções.

  13. Migration ultramarine. Brazilians workers in Japan Migrações ultramarinas. Trabalhadores brasileiros no Japão

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alice Yatiyo Asari

    1996-08-01

    Full Text Available This study analyze migratory moving specifically, the flux of brazilians workers whose ascendancy is japanese, to Japan. This workers flux started at end of 80 decade and there are about 170.000 brazilians in Japan, like workers without specialization. The migratory moving area are influenced by economic-social-politic interests of both countries. The temporary worker's migration turn them "men of the world" who move according to the necessities of the manual work of the developed and underdeveloped countries.O artigo analisa a dinâmica migratória, especificamente, o fluxo de trabalhadores brasileiros, de origem japonesa, para o Japão. Este fluxo de trabalhadores iniciou-se no final da década de 1980, estimando-se em 170 mil brasileiros no Japão, como trabalhadores não especializados. Os movimentos populacionais são movidos por interesses econômicos, sociais e políticos dos países, tornando os migrantes "homens do mundo" que se movem aos sabores das necessidades de mão-de-obra de países desenvolvidos e subdesenvolvidos.

  14. Trabalhador: ser social ou elemento sistêmico? Um estudo bibliográfico crítico sobre a visão de trabalhador na teoria organizacional e administrativa

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciana Holanda Nepomuceno

    2009-12-01

    Full Text Available

    Apresenta-se uma reflexão crítica sobre a visão de trabalhador presente no pensamento de Taylor, tendo em vista ser a sua obra um dos fundamentos do pensamento administrativo desenvolvido ao longo do recente século XX. Teve-se em vista, também, compreender a atualidade (ou não do pensamento taylorista analisando um tema bastante propagado pela literatura gerencialista contemporânea: o tema das organizações que aprendem e seus corolários. Dentre os resultados tem-se, na obra de Taylor: (i um trabalhador que sabe o todo, mas que deve saber só parte; (ii um trabalhador eficiente somente enquanto elemento sistêmico. Como síntese provisória tem-se a seguinte proposição: as produções sobre organizações que aprendem atingem discursivamente os princípios deflagrados por Taylor onde (i o sistema sabe, o trabalhador não; e (ii a eficiência decorre do ajuste do trabalhador ao sistema que aprende. O conceito de organizações que aprendem exemplifica a dinâmica do capitalismo como “um sistema que opera mudanças [...] articulando e reinterpretando conceitos, conferindo-lhes múltiplos significados”; que inova (sem mudar os princípios como “possibilidade de conhecimento/intervenção numa realidade que é dada pelos movimentos cíclicos de auto-gênese do capitalismo” (MARTINS, 1997, p. 2. Neste sentido, as bases do pensamento administrativo lançadas por Taylor se mostram bem atuais.

  15. Estresse, depressão e hipocampo Stress, depression and the hippocampus

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sâmia Regiane L Joca

    2003-12-01

    Full Text Available A exposição a fatores estressantes tem papel importante no desenvolvimento de transtornos depressivos. Os mecanismos envolvidos nesta relação, no entanto, ainda são pouco conhecidos, mas algumas evidências sugerem a participação da formação hipocampal: 1. o estresse pode causar alterações plásticas no hipocampo, que incluem remodelação dendrítica e inibição de neurogênese. Drogas antidepressivas impendem estes efeitos, possivelmente por aumentarem a expressão de fatores neurotróficos; 2. a facilitação da neurotransmissão serotoninérgica no hipocampo atenua conseqüências comportamentais do estresse e produz efeitos antidepressivos em modelos animais; 3. o antagonismo do principal neurotransmissor excitatório no hipocampo, o glutamato, produz efeitos semelhantes; 4. o hipocampo parece estar "hiperativo" em animais mais sensíveis em modelos de depressão e em humanos resistentes à antidepressivos; 5. o hipocampo, em conjunto com o complexo amigdalar, parece ter papel fundamental na consolidação e evocação de memórias aversivas. Não obstante estas evidências, o desafio futuro será o de tentar integrar os resultados destes diferentes campos (farmacológico, molecular, eletrofisiológico, clínico em uma teoria unificadora sobre o papel do hipocampo na regulação do humor e seus transtornos bem como nos efeitos de tratamentos antidepressivos.Stress exposure is an important factor in the development of depressive disorders. Although the mechanisms of this relationship are largely unknown, several pieces of evidence point to an involvement of the hippocampal formation: 1. stressful stimuli cause remodeling of hipocampal pyramidal cells and inhibit neurogenesis in the dentate gyrus. Antidepressive drugs attenuate these effects, probably by increasing the expression of neurotrophic factors; 2. facilitation of serotonergic neurotransmission in the hippocampus attenuates behavioral consequences of stress and produce

  16. Efeitos do estresse da orquiectomia na citologia broncoalveolar de bezerros da raça Holandesa

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jessyca Beraldi Bellinazzi

    2013-12-01

    Full Text Available A identificação do impacto que certas formas de estresse causam ao bem estar animal e equilíbrio orgânico, representa um desafio á adoção de boas práticas de criação. Assim, a presente pesquisa verificou o impacto de um desafio doloroso rotineiro dos bovinos na imunidade pulmonar e sistêmica. Avaliou-se hemograma e cortisol, em quatro momentos, sendo M1, M6, M7 e M8 (respectivamente sete dias antes e um, três e oito dias depois do desafio doloroso e citologia broncolaveolar, obtida por broncoscopia, nos momentos M1, M6 e M8. Houve uma redução dos valores do eritrograma no primeiro dia após o desafio, compatível com anaplasmose e agravada pela perda de sangue durante a cirurgia e um influxo de leucócitos para a região pulmonar. Oito dias após o desafio, evidenciou-se aumento de cortisol, gerando uma leucocitose por neutrofilia e monocitose no sangue com provável redução de quimiotaxia para o pulmão, tornando o trato respiratório potencialmente mais susceptível a infecções, sugerindo que esta prática de manejo, mesmo acompanhado de protocolo analgésico, pode ser considerada um fator de risco a penumonias afetando o bem estar animal.

  17. Saúde auditiva de trabalhadores expostos a ruído e inseticidas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Teixeira Cleide Fernandes

    2003-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar as alterações auditivas periféricas em um grupo de trabalhadores exposto a inseticidas, organofosforados e piretróides, utilizados em campanhas de controle de vetores. MÉTODOS: Estudo de prevalência de uma população de 98 indivíduos que pulverizavam venenos nas campanhas de prevenção do dengue, da febre amarela e da doença de Chagas. A amostra foi de tipo finalística, considerando o universo dos trabalhadores de um distrito sanitário, em Pernambuco, no ano de 2000. Utilizou-se questionário contendo questões de identificação de riscos ocupacional e não ocupacional, medidas de segurança utilizadas, antecedentes de problemas auditivos e sintomas referidos. Foi investigada a historia pregressa de exposição ao ruído, por ser um fator de confusão para a perda auditiva. Todos os indivíduos foram avaliados pelo teste de audiometria tonal. RESULTADOS: Dos expostos apenas aos inseticidas, 63,8% apresentaram perda auditiva. Para o grupo com exposição concomitantemente aos inseticidas e ao ruído, a perda auditiva foi de 66,7%. O tempo mediano para o desenvolvimento de alterações auditivas nas freqüências médias altas, para as exposições combinadas de inseticidas e ruído, foi de 3,4 anos e para as exposições apenas aos inseticidas foi de 7,3 anos. A perda auditiva para as exposições concomitantes aos dois fatores foi de maior intensidade nessas freqüências, do que o observado na exposição apenas aos inseticidas. CONCLUSÕES: Há evidência de que a exposição aos inseticidas induz dano auditivo periférico e que o ruído é um fator que interage com os inseticidas, potencializando seus efeitos ototóxicos. Faz-se necessário avaliar essa possível associação através de estudos epidemiológicos de caráter analítico.

  18. Saúde auditiva de trabalhadores expostos a ruído e inseticidas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cleide Fernandes Teixeira

    2003-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar as alterações auditivas periféricas em um grupo de trabalhadores exposto a inseticidas, organofosforados e piretróides, utilizados em campanhas de controle de vetores. MÉTODOS: Estudo de prevalência de uma população de 98 indivíduos que pulverizavam venenos nas campanhas de prevenção do dengue, da febre amarela e da doença de Chagas. A amostra foi de tipo finalística, considerando o universo dos trabalhadores de um distrito sanitário, em Pernambuco, no ano de 2000. Utilizou-se questionário contendo questões de identificação de riscos ocupacional e não ocupacional, medidas de segurança utilizadas, antecedentes de problemas auditivos e sintomas referidos. Foi investigada a historia pregressa de exposição ao ruído, por ser um fator de confusão para a perda auditiva. Todos os indivíduos foram avaliados pelo teste de audiometria tonal. RESULTADOS: Dos expostos apenas aos inseticidas, 63,8% apresentaram perda auditiva. Para o grupo com exposição concomitantemente aos inseticidas e ao ruído, a perda auditiva foi de 66,7%. O tempo mediano para o desenvolvimento de alterações auditivas nas freqüências médias altas, para as exposições combinadas de inseticidas e ruído, foi de 3,4 anos e para as exposições apenas aos inseticidas foi de 7,3 anos. A perda auditiva para as exposições concomitantes aos dois fatores foi de maior intensidade nessas freqüências, do que o observado na exposição apenas aos inseticidas. CONCLUSÕES: Há evidência de que a exposição aos inseticidas induz dano auditivo periférico e que o ruído é um fator que interage com os inseticidas, potencializando seus efeitos ototóxicos. Faz-se necessário avaliar essa possível associação através de estudos epidemiológicos de caráter analítico.

  19. AVALIAÇÃO BIOMECÂNICA DOS TRABALHADORES EM MARCENARIAS NO DISTRITO FEDERAL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Reinaldo Moreira da Silva

    2003-10-01

    Full Text Available A pesquisa foi desenvolvida com base em dados coletados com funcionários de marcenarias no Distrito Federal com o objetivo de fazer uma avaliação biomecânica do trabalhador nas mais diversas máquinas. A avaliação foi feita com a filmagem dos trabalhadores em perfil, avaliação das forças envolvidas e posterior congelamento das imagens e medição dos ângulos das articulações para análise no software “Winowas” de análise de posturas e no modelo biomecânico tridimensional de predição de posturas e forças estáticas desenvolvido pela Universidade de Michigan. Os resultados mostraram que, pelo método OWAS, as piores posturas foram obtidas durante o levantamento e deposição das peças no piso em todas as máquinas e postos de trabalho avaliados e durante a alimentação na desengrossadeira, necessitando de reorganização ergonômica em breve. Pela análise com o modelo desenvolvido pela Universidade de Michigan, as fases do ciclo de trabalho mais problemáticas foram a deposição das peças no piso na desengrossadeira quando houve o comprometimento de todas as articulações com exceção dos quadris. Durante a alimentação na desempenadeira, houve grande comprometimento das articulações com exceção dos cotovelos e do disco L5-S1 da coluna. Na fase de alimentação na desengrossadeira, desempenadeira, serra circular e serra de fita, as articulações mais prejudicadas foram os tornozelos. Para melhoria das posturas adotadas, deve-se buscar eliminar o constante trabalho em pé, utilizar mecanização auxiliar para manuseio das peças, diminuir o peso manuseado durante a alimentação das máquinas (menor número e tamanho de peças e realizar treinamentos específicos constantes para adoção de melhores posturas.

  20. Vulnerabilidades ocupacionais e percepção de saúde em trabalhadores do SUS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ada Ávila Assunção

    2012-06-01

    Full Text Available Este artigo desenvolve uma tipologia de precariedade nos vínculos de trabalho, considerando outras dimensões além daquelas tradicionais, como tipo de vínculo, jornada e rendimento de trabalho. Outros aspectos do local de trabalho e da alocação de tempo em atividades e tarefas fora do ambiente laboral afetam a inserção dos indivíduos no mercado de trabalho. Assim, a partir da flexibilidade do método e da relativamente grande disponibilidade de informações sobre o indivíduo e seu desempenho socioeconômico, a presente investigação recorreu à aplicação do Método Grade of Membership (GoM aos dados de 1.808 trabalhadores da rede municipal de saúde de Belo Horizonte que participaram de um inquérito epidemiológico em 2009. Foram considerados elegíveis todos os profissionais vinculados ao serviço público municipal de saúde, independente do vínculo empregatício (permanente, temporário, estágio. O estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal de Minas Gerais (parecer nº 542/07. Os resultados apresentados convergem para as reflexões acerca da crescente constatação da vulnerabilidade dos trabalhadores de saúde em função das condições de trabalho precárias, além de indicaram a relevância da abordagem da atividade de trabalho, no sentido de identificar agentes estressores e outros fatores do ambiente relacionados às situações nocivas e de adoecimento. Algumas características dos indivíduos (idade, sexo, tempo de serviço, etc. que conformam a população-alvo não são passíveis de ações externas, no entanto, as políticas podem modificar os fatores localizados em torno do núcleo individual.

  1. Transtorno do estresse pós-traumático no puerpério em uma maternidade de alto risco fetal no Município do Rio de Janeiro, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tatiana Henriques

    2015-12-01

    Full Text Available Resumo O objetivo deste artigo é estimar a magnitude de transtorno do estresse pós-traumático (TEPT no puerpério em uma maternidade de referência para agravos perinatais e identificar subgrupos vulneráveis. Trata-se de um estudo transversal realizado uma maternidade de alto risco fetal no Rio de Janeiro, Brasil, com 456 mulheres que realizaram o parto na instituição. O Trauma History Questionnaire e o Post-Traumatic Stress Disorder Checklist foram utilizados para captar experiências traumáticas e sintomas de TEPT, respectivamente. A prevalência geral de TEPT foi de 9,4%. O TEPT mostrou-se mais prevalente entre mulheres com três ou mais partos, que tiveram recém-nascido com Apgar no 1º minuto menor ou igual a sete, com histórico de agravo mental antes ou durante a gravidez, com depressão pós-parto, que sofreram violência física ou psicológica perpetrada por parceiro íntimo na gravidez, que tiveram experiência sexual não desejada e que foram expostas a cinco ou mais traumas. Rápido diagnóstico e tratamento são fundamentais para melhorar a qualidade de vida da mulher e a saúde do recém-nascido.

  2. Transtorno de estresse pós-traumático: evolução dos critérios diagnósticos e prevalência Posttraumatic stress disorder: development of diagnostic criteria and prevalence

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gabriela Sbardelloto

    2011-04-01

    Full Text Available O transtorno de estresse pós-traumático (TEPT se caracteriza por sintomas persistentes de revivência, evitação e entorpecimento, e excitabilidade aumentada, após a exposição a um evento traumático. Estudos epidemiológicos mostram que, entre os transtornos de ansiedade, o TEPT é o terceiro mais prevalente. Desde 1980, quando foi reconhecido como um diagnóstico válido, mudanças conceituais importantes ocorreram. A partir disso, o presente artigo apresenta uma revisão crítica da literatura sobre o desenvolvimento dos critérios diagnósticos do TEPT ao longo das edições do Manual diagnóstico e estatístico dos transtornos mentais (DSM, bem como informações sobre a prevalência do transtorno.Posttraumatic stress disorder (PTSD can be characterized by persistent symptoms of reexperience, avoidance and numbing, and increased arousal following exposure to a traumatic event. Epidemiological studies showed that PTSD is the third most prevalent anxiety disorder. Since it's recognition in 1980 as a valid diagnosis, important conceptual changes occurred. This article presents a critical review of the literature regarding development of diagnosis criteria of PTSD in the Diagnostic and statistical manual of mental disorders (DSM as well as information regarding its prevalence.

  3. Interação entre leptina, ginástica artística, puberdade e exercício em atletas do sexo feminino

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tatiana de Barros Meira

    2010-09-01

    Full Text Available Há evidências de que as atletas de ginástica artística (GA apresentam desregulações no sistema reprodutório em relação à média populacional. A interação entre alguns fatores pode explicar esse fato: genética, estresse do exercício, baixa porcentagem de gordura corporal, má nutrição e ação da leptina. Por meio de uma revisão de literatura, discutimos resultados de pesquisas que relacionam a ação do hormônio leptina e desregulações no sistema reprodutório durante a puberdade em atletas de GA do sexo feminino. Podemos afirmar que existe uma interação entre a seleção natural na modalidade, a baixa ingestão calórica e o estresse do treinamento, que ocasionaria a diminuição de leptina plasmática e causaria desregulações no sistema reprodutório durante a puberdade.

  4. O quadro de trabalhadores federais em saúde no Brasil: uma análise no contexto dos anos 2000 The federal health work force in Brazil: an analysis in the context of the 2000's

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciane Galdino Alberto

    2011-12-01

    Full Text Available O artigo analisa o quadro de trabalhadores do Ministério da Saúde e entidades vinculadas - agências reguladoras da saúde e Fundação Oswaldo Cruz - de 2000 a 2008, relacionando a evolução quantitativa e o perfil dos vínculos dos trabalhadores federais da saúde com os condicionantes históricos e as políticas para o funcionalismo. As estratégias metodológicas da pesquisa foram: revisão bibliográfica, análise documental e de dados primários e secundários. Os resultados sugerem que a partir de 2003 houve uma recomposição parcial de quadros na administração pública federal, por meio de concursos públicos. Tal movimento foi heterogêneo entre áreas, sendo que a saúde apresentou um aumento de servidores ativos inferior à média federal. Observaram-se diferenças na situação do quadro de trabalhadores do Ministério da Saúde e entidades vinculadas. O nível central do Ministério foi pouco beneficiado com a realização de concursos, mantendo baixa proporção de servidores e alta dependência de consultores, terceirizados e contratos temporários. As agências reguladoras da saúde receberam servidores concursados a partir de 2005, mas em 2008 ainda apresentavam trabalhadores com outros tipos de vínculos. Na Fiocruz, observou-se um incremento do número de servidores, porém um aumento maior dos terceirizados. Por fim, discutem-se os desafios de conformação de uma adequada força de trabalho no Ministério da Saúde e entidades vinculadas, visto que no Brasil a esfera federal mantém um papel estratégico para a consolidação do Sistema Único de Saúde.This paper analyzes the work force of the Brazilian Ministry of Health and associated entities -the health regulatory agencies and the Oswaldo Cruz Foundation -from 2000 to 2008, focusing on the quantitative evolution and types of employment relation. The methods involved a bibliographical review, documental analysis and analysis of primary and secondary data. The

  5. Endostatin (EntreMed).

    Science.gov (United States)

    Grosios, K

    2000-07-01

    EntreMed has licensed the worldwide rights to the angiogenesis inhibitor Endostatin, a 20 kDa C-terminal fragment of collagen XVIII, from the Children's Hospital of Boston, a teaching affiliate of Harvard Medical School. It is being developed as a potential cancer treatment and may also be useful in certain types of blindness and arthritis [227427]. EntreMed filed an IND for Endostatin in June 1999 [334125] and as of September 1999, phase I trials were underway [341462]. As of April 2000, the company had initiated plans for testing low doses of Endostatin in cancer patients using continuous infusion and sc administration in a further phase I study to be conducted in Europe [361594]. A phase I trial of Endostatin which will evaluate the safety and efficacy of Endostatin at a range of doses in no more than 100 cancer patients has been initiated. The trial will take place at the University of Texas MD Anderson Medical Center and the University of Wisconsin Cancer Center in Madison. The National Cancer Center will be sponsoring the trial, which is expected to be completed in late 2000. As of March 2000, there had been no serious adverse events attributable to Endostatin administration. The first report from this trial is expected in autumn 2000 [341462], [366312]. The mechanism of action for Endostatin remains unclear, although reports from the 91st AACR Meeting in April 2000 showed that recombinant human endostatin bound to a number of tropomyosin cDNAs in a library screen [362039]. In preclinical studies, repeated administration of Endostatin consistently shrank primary tumors and did not produce any drug resistance. In mice, a variety of tumors which had progressed to 1 to 2% of total body weight, regressed to microscopic, dormant lesions following Endostatin treatment [231418], [231470], [270673]. Types of cancers which respond to Endostatin include lung, skin, vascular and fibrosarcomas. Toxicology studies in cynomolgus monkeys showed that bolus injections of

  6. Índices fisiológicos e de crescimento de um porta-enxerto de aceroleira sob estresse salino Physiological and growth indices of a West Indian Cherry rootstock under saline stress

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcelo T. Gurgel

    2003-12-01

    Full Text Available Na literatura há registros de variações na fisiologia e no desenvolvimento de genótipos diversos em condições de estresse salino. Não se encontrando informações nesse sentido, sobre aceroleira, conduziu-se este trabalho com o objetivo de se avaliar os efeitos da salinidade sobre o clone BV1, através de variáveis fisiológicas e de crescimento, na fase de formação de porta-enxerto. Os estudos foram realizados no Campo Experimental de Pacajus (EMBRAPA, na cidade de Pacajus, CE, testando-se seis níveis de salinidade da água de irrigação (condutividade elétrica, variando de 0,5 a 5,5 dS m-1, preparada mantendo-se a proporção 7:2:1 entre Na:Ca:Mg, respectivamente. O sistema radicular da aceroleira é mais sensível à salinidade que a parte aérea, assim como a fitomassa seca total quando comparada com a área foliar. A eficiência da aceroleira em produzir matéria nova por unidade de matéria preexistente, aumenta com a elevação do nível de salinidade da água de irrigação. A velocidade de crescimento e a fotossíntese líquida da aceroleira decrescem com o aumento do estresse salino.It is known that the physiological behavior of the plants under saline stress conditions vary among genotypes. Considering non existence of references about effect of salinity in West Indian Cherry plants, the objective of this study was to evaluate such effects on the growth and physiology of the clone BV1 rootstock. The studies were carried out at the Experimental Center of Pacajus (EMBRAPA, in the city of Pacajus - CE. The treatments studied were six levels of salinity of the irrigation water (electrical conductivity varying from 0.5 to 5.5 dS m-1. The results obtained show that the efficiency of the West Indian Cherry to produce new matter in relation to preexisting increases with the elevation of salinity. The root system of the West Indian Cherry is more affected than the aerial parts by water salinity. The growth velocity and the net

  7. Prevalência de transtornos mentais comuns em trabalhadores de enfermagem em um hospital da Bahia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eder Pereira Rodrigues

    2014-04-01

    Full Text Available Neste estudo, objetivou-se descrever a prevalência de "suspeitos" de transtornos mentais comuns (TMC em trabalhadores de enfermagem em um hospital geral, no estado da Bahia. Realizou-se um estudo epidemiológico, de corte transversal, com 309 profissionais de enfermagem, que trabalhavam em atividades assistenciais em um hospital de grande porte. Os profissionais de enfermagem referiram sobrecarga de trabalho e baixa remuneração. As queixas de saúde mais frequentes estavam relacionadas à postura corporal e a saúde mental. A prevalência geral de "suspeitos" de TMC foi de 35,0%. Em relação aos aspectos psicossociais do trabalho, relataram uma alta demanda psicológica e baixo controle sobre as atividades laborais. Os resultados obtidos apontam que as condições de trabalho e saúde observadas, não são adequadas para a efetiva realização do trabalho de enfermagem no hospital estudado.

  8. Fatores associados à inatividade física no lazer e principais barreiras na percepção de trabalhadores da indústria do Sul do Brasil Variables associated with leisure-time physical inactivity and main barriers to exercise among industrial workers in Southern Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Shana Ginar da Silva

    2011-02-01

    Full Text Available Identificar as principais barreiras percebidas e verificar os fatores associados à inatividade física no lazer em trabalhadores industriários do Estado do Rio Grande do Sul, Brasil. Estudo transversal com análise secundária de dados, incluindo 2.265 trabalhadores. Treze barreiras foram investigadas: cansaço, clima, excesso de trabalho, falta de vontade, obrigações de estudo, obrigações familiares, distância até o local da prática, falta de habilidade motora, falta de condições físicas, falta de instalações, falta de dinheiro e condições de segurança, além da opção outra. A prevalência de inatividade física no lazer entre os trabalhadores foi 45,4%, e as barreiras mais prevalentes foram cansaço (15,1%, excesso de trabalho (12,7% e obrigações familiares (9,2%. Cansaço, excesso de trabalho, obrigações familiares, falta de vontade, falta de dinheiro, obrigações de estudo e clima estiveram associados à inatividade física no lazer. Políticas públicas focadas em macroestratégias de intervenção podem ajudar esses trabalhadores a superar tais barreiras e incorporarem um estilo de vida ativo.The aim of this study was to identify the main perceived barriers to leisure-time physical activity and factors associated with physical inactivity among industrial workers in the State of Rio Grande do Sul, Brazil. A cross-sectional study with analysis of secondary data included 2,265 workers. Thirteen barriers were investigated: fatigue, weather, overwork, lack of will, study obligations, family obligations, distance to the facility/setting, affordability, lack of motor skills, poor physical conditioning, lack of facilities, lack of money, security, and others. Prevalence of physical inactivity among workers was 45.4%, and the most common barriers were fatigue (15.1%, overwork (12.7%, and family obligations (9.2