WorldWideScience

Sample records for espectrais da variabilidade

  1. Análise das propriedades ópticas da água do reservatório Rodolfo Costa e Silva – Itaara, RS, Brasil, usando dados espectrais de campo e imagens orbitais multiespectrais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Conrado de Moraes Rudorff

    2007-06-01

    Full Text Available O trabalho avaliou a separabilidade de classes de água, a partir de técnicas de análises da reflectância de superfície, com dados medidos em campo e imagens multiespectrais adquiridas em nível orbital. A área de estudo foi o reservatório Rodolfo Costa e Silva, localizado na região central do Rio Grande do Sul. A metodologia foi baseada na coleta de dados in situ – total de sólidos em suspensão, clorofila (a, b, c, transparência da água e espectros de reflectância bidirecional – em 21 pontos amostrais no dia 16 de maio de 2006. A técnica de remoção do contínuo foi aplicada aos espectros de campo em quatro intervalos de bandas de absorção: 400-550nm, 610-640nm, 650-680nm e 580-700nm. Os parâmetros de remoção do contínuo das bandas de absorção analisados foram: profundidade, área e largura. Verificou-se que os parâmetros de profundidade, área e a largura da banda de absorção não apresentaram potencial de separabilidade em classes espectrais relacionadas à pequena variação na concentração dos componentes opticamente ativos na água. Imagens CBERS-2/CCD e Landsat 5/TM adquiridas em datas próximas à atividade de campo foram corrigidas dos efeitos atmosféricos e classificadas. Os resultados das classificações não apresentaram correlações significativas com os parâmetros de qualidade da água, a fim de proporcionar uma caracterização espectral das classes de água ou compartimentos. A dificuldade no estabelecimento de relações entre os parâmetros de reflectância espectral e qualidade da água foi devida, principalmente, à baixa variabilidade dos componentes opticamente ativos na água do Reservatório Rodolfo Costa e Silva. Neste caso, as análises espectrais testadas neste trabalho não foram sensíveis às pequenas variações observadas por meio dos dados de campo.

  2. Spectral variables, growth analysis and yield of sugarcane Variáveis espectrais e indicadores de desenvolvimento e produtividade da cana-de-açúcar

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maurício dos Santos Simões

    2005-06-01

    ão comercial, localizada no município de Araras/SP foi monitorado em nove campanhas de coleta de dados radiométricos e agronômicos. O comportamento temporal das variáveis espectrais acompanhou o comportamento das variáveis agronômicas. A banda 4 (B4, o índice de vegetação da razão simples (SR, o índice de vegetação por diferença normalizada (NDVI e o índice de vegetação ajustado ao solo (SAVI aumentaram seus valores até o fim da fase de crescimento vegetativo, aproximadamente até os 240 dias após o corte, a partir do qual os valores se estabilizaram e diminuíram em função da entrada da cultura na fase de maturação. A banda 3 (B3 e o índice de vegetação da razão (RVI tiveram queda em seus valores desde o início do ciclo, com posterior estabilização e aumento em seus valores devido ao aumento da quantidade de palha e da queda da biomassa foliar. As variáveis espectrais B3, RVI, NDVI e SAVI tiveram correlações maiores que 0,79 com as variáveis IAF e BMT e de aproximadamente 0,50 com o NPM. Os melhores modelos de regressão linear múltipla foram os com RVI, IAF e NPM e explicaram 0,97 da variação da TCH e 0,99 da BMT.

  3. Variabilidade espacial da produtividade, perdas na colheita e lucratividade da cultura de soja

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juan Jose Bonnin Acosta

    2018-03-01

    Full Text Available A agricultura de precisão é uma importante ferramenta para maximizar a produção. Nela mapas de produtividade indicam a localização de áreas críticas, ajudando a fazer intervenções localizadas, a fim de aumentar a produtividade e consequentemente a rentabilidade. Objetivou-se avaliar a variabilidade espacial da produtividade, perdas quantitativas na colheita mecanizada e a lucratividade em área de produção de soja. Realizou-se um levantamento de dados georreferenciados em uma área de 20,90 ha. Foram utilizadas técnicas geoestatísticas para a determinação da variabilidade espacial. A dependência espacial foi moderada para todos os parâmetros estudados, observando-se regiões com maior ou menor variabilidade espacial na produtividade, nas perdas quantitativas de grãos e na lucratividade. A produtividade média foi de 3.748,63 kg.ha-1 e 67,65 % da área total apresentou patamares de produtividade de 3.254,05 a 3.609,91 kg.ha-1 e de 3.609,91 a 3.965,91 kg.ha-1. As perdas totais de grãos encontrados por ocasião da colheita foram baixas (49,59 kg.ha-1. A lucratividade média foi 1.252,54 $.ha-1, com duas regiões representativas de lucro de 1.187,20 a 1.354,78 $.ha-1 e de 1.019,62 a 1.187,20 $.ha-1, correspondente a 67,65 % da área total. Pode-se dizer que a semelhança na variabilidade espacial dos mapas de produtividade e lucratividade ocorre por este último ter sido confeccionado a partir de dados de produtividade, o que permitiria ao produtor investigar os motivos das baixas produtividades, sugerindo eventualmente um estudo da fertilidade do solo, no intuito de encontrar e corrigir o problema que levou às baixas produtividades, a fim de melhorar a relação custo/benefício, tendo como resultado um maior lucro.

  4. Análise da noção de variabilidade comportamental

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Helena Leite Hunziker

    Full Text Available O presente trabalho faz uma análise do conceito de variabilidade comportamental com o objetivo de padronizar as diferentes definições e usos do termo. Propomos: 1 uma definição que recorra ao ponto comum dentre os diversos conceitos de variabilidade existentes na literatura, e 2 a descrição e sistematização dos aspectos específicos de cada uso do termo, utilizando os seguintes critérios: conteúdo e estrutura de cada conceito, níveis de análise empírico/teórico, molar/molecular, e tipos de medida e códigos com que são especificados. Essa análise é uma tentativa inicial para a construção de uma taxonomia da variabilidade comportamental.

  5. Variabilidade da frequência cardíaca em neonatos prematuros e de termo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabio Augusto Selig

    2011-06-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Várias publicações têm demonstrado a importância do sistema nervoso autônomo por meio dos componentes simpático e parassimpático na gerência da interação entre as diferentes partes do organismo humano. Esses estudos aplicaram técnicas lineares e não lineares (Teoria do Caos de avaliação em diferentes situações, doenças e faixas etárias, tendo como ferramenta a variabilidade da frequência cardíaca (VFC. OBJETIVO: Aplicar os conhecimentos das dinâmicas linear e não linear na avaliação de neonatos prematuros (NPT, analisando sua VFC e comparando com neonatos de termo (NT saudáveis. MÉTODOS: Quarenta e oito neonatos prematuros com diferentes idades gestacionais tiveram seus batimentos cardíacos captados com auxílio do equipamento Polar Advanced S810i e sua VFC obtida pelo registro dos intervalos RR. A VFC foi analisada nos domínios do tempo (SDNN, RMSSD, SD1/SD2, da frequência (VLF, LF, HF e a relação LF/HF e do caos (TAU e sua normalização [TAU(n], Expoente de Lyapunov e Entropia. Os NPT foram comparados com um grupo de 78 NT saudáveis e sem intercorrências perinatais com auxílio do teste não paramétrico de Kruskal-Wallis. RESULTADOS: Detectou-se diferença estatisticamente significante entre os grupos para todas as variáveis estudadas, tanto no domínio do tempo como nos da frequência e do caos. CONCLUSÃO: Neonatos prematuros exibem comportamento menos complexo da variabilidade da frequência cardíaca que neonatos de termo, fato comprovado nos domínios do tempo, da frequência e do caos. O estudo da variabilidade cardíaca nesse grupo pode ser considerado uma ferramenta a mais na avaliação da maturação autonômica e, consequentemente, da progressão para eutrofia.

  6. RELAÇÃO ENTRE TEMPERATURA DE SUPERFÍCIE TERRESTRE, ÍNDICES ESPECTRAIS E CLASSES DE COBERTURA DA TERRA NO MUNICÍPIO DE GOIÂNIA (GO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Silvio Braz de SOUSA

    2012-12-01

    Full Text Available Partindo-se do conceito de heterogeneidade da paisagem urbana, espera-se que diferentes paisagens apresentem distintos comportamentos termais, visto que, cada espaço da cidade possui particularidades quanto aos tipos e intensidades de cobertura e uso da terra. O presente trabalho, tendo como área de estudo o município de Goiânia, capital do estado de Goiás, busca analisar a relação dos diversos tipos de uso e intensidade de urbanização com o comportamento térmico superficial e, sua correlação com índices espectrais (NDBI e SAVI, utilizando para isso dados do sensor ETM+ abordo do satélite Landsat 7. Foram efetuadas amostragens aleatórias e utilizado como referência para a definição de uso e cobertura da terra uma imagem de alta resolução do satélite Quickbird. NDBI e temperatura de superfície terrestre apresentaram boa correlação (r² de 0,74. Áreas com cobertura de solo exposto, como áreas de plantio, queimadas e bairros sem cobertura asfáltica registraram altas temperaturas (maiores que 38 ºC. As temperaturas amenas registradas (< 23 e 30 ºC correspondem a áreas de vegetação densa, como as matas de galerias, o Jardim Botânico e o Parque Estadual Altamiro de Moura Pacheco, registrou-se uma diferença de até 8ºC em relação a áreas antropizadas.

  7. Influência do treino na variabilidade da frequência cardíaca em triatletas

    OpenAIRE

    Salvador, Bruno Carlos Nunes

    2011-01-01

    Mestrado em Treino de Alto Rendimento O objectivo deste estudo foi estudar a variabilidade da frequência cardíaca (VFC) em repouso durante um estágio de vinte e dois dias, a altitude moderada, e verificar como a carga de treino se relaciona com os parâmetros da variabilidade de frequência cardíaca. No estudo participaram 5 triatletas pertencentes à selecção de triatlo de Portugal (17,4± 1,8 anos), quatro do sexo masculino e uma do sexo feminino. Procedeu-se ao registo da activi...

  8. Variabilidade espacial de atributos da fertilidade de um Latossolo Vermelho Distroférrico sob Sistema Plantio Direto

    OpenAIRE

    Dalchiavon,Flávio Carlos; Carvalho,Morel de Passos e; Andreotti,Marcelo; Montanari,Rafael

    2012-01-01

    O conhecimento da variabilidade espacial da fertilidade do solo é muito importante, principalmente, para a agricultura de precisão. Assim, durante o ano agrícola 2009/2010, no município de Selvíria (MS), no Cerrado Brasileiro, objetivou-se analisar a variabilidade espacial de atributos da fertilidade num Latossolo Vermelho Distroférrico sob plantio direto. Foi instalada a malha de amostragem para a coleta de solo, com 120 pontos amostrais, numa área de 3,0 ha e declive homogêneo de 0,055 m m-...

  9. Variabilidade espacial da produtividade do feijoeiro e atributos físicos em dois sistemas de preparo do solo

    OpenAIRE

    Longui, Flávio Coutinho

    2015-01-01

    É importante considerar a variabilidade espacial de solos sempre que a amostragem de campo for efetuada, pois pode indicar locais que necessitam de tratamento diferenciado quanto ao preparo, sem prejuízo para a representatividade, possibilitando maior detalhamento da área. Com o surgimento e desenvolvimento da agricultura de precisão, o estudo geoestatístico dos atributos físicos do solo com a relação da produtividade do feijão vem se intensificando. Observa-se que as variabilidades espaciais...

  10. Avaliação da variabilidade de biotipos de Moniliophthora perniciosa

    OpenAIRE

    Lia Matelli Garcia

    2010-01-01

    O basidiomiceto Moniliophthora perniciosa é conhecido por causar a doença vassoura-debruxa no cacau (Theobroma cacao), responsável por grandes perdas de produção nessa cultura. A população de M. perniciosa apresenta variabilidade devido à sua capacidade de colonização de outras espécies de plantas, o que permite a identificação de biótipos e conseqüente agrupamento de isolados com base no hospedeiro. A caracterização de biotipos do fungo contribui para melhor conhecimento da estrutura populac...

  11. Estudo da variabilidade da viscosidade na produção de lotes de tintas : um projeto Seis Sigma

    OpenAIRE

    Vivian Sebben Adami

    2002-01-01

    Este trabalho de conclusão tem como tema a Qualidade Seis Sigma e a produção de tintas, com foco no parâmetro viscosidade. O objetivo principal é o estudo da variabilidade da viscosidade das tintas, com vistas à diminuição do número de desvios de viscosidade de lotes de produção e, conseqüentemente, do retrabalho e lead-time fabril. Inicialmente, foi realizada uma revisão bibliográfica sobre a metodologia Seis Sigma, suas principais ferramentas, e sobre os processos de produção de tintas, sua...

  12. Variabilidade e estabilidade na produção de sinais da libras

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    André Nogueira Xavier

    2017-10-01

    Full Text Available Semelhantemente às línguas orais, a realização concreta de palavras nas línguas sinalizadas é suscetível à variação intra e inter-sujeito. Objetivando ilustrar esse fenômeno na língua brasileira de sinais (libras, o presente artigo reporta a análise de três produções de seis itens lexicais da libras por 12 sinalizantes surdos da cidade de São Paulo. Os resultados mostram que, apesar da variabilidade em alguns parâmetros articulatórios, as diferentes produções desses sinais exibe alguma estabilidade. Tal fato deve garantir a percepção destas como diferentes realizações de uma mesma palavra e não como realizações de palavras distintas.

  13. Causas da variabilidade do tempo de execução dos processos em diferentes sistemas construtivos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Herbert Melo Cruz

    Full Text Available Resumo Um dos grandes desafios para o gerenciamento da construção é a execução das atividades de acordo com as durações programadas, sendo comum a ocorrência de variabilidade. O objetivo desta pesquisa foi analisar as causas da variabilidade do tempo de execução dos processos em diferentes sistemas construtivos, classificando-as em níveis de risco. A metodologia consistiu em um estudo de casos múltiplos em diferentes sistemas construtivos, sendo aplicado com diversos trabalhadores de obras um questionário com 31 causas de variabilidade divididas em oito categorias. Visou-se levantar as variáveis frequência e intensidade de atraso. Foram observadas obras de concreto armado (convencional, alvenaria estrutural e paredes de concreto moldadas no local. Para a análise dos dados foi criado um fator de atraso e aplicada uma metodologia de classificação das causas em níveis de risco através da análise de clusters. Como resultados foram apontadas as principais causas de variabilidade para cada um dos sistemas, sendo algumas semelhantes: retrabalho, baixa qualidade do trabalho e socialização. Análises estatísticas apontaram diferenças entre os sistemas: aqueles mais industrializados tiveram maior quantidade de causas classificadas em níveis de alto risco, porém o impacto da variabilidade no processo foi menor. Há deficiências por parte dos gestores para lidar com os impactos da variabilidade nos processos.

  14. Variabilidade sazonal dos constituintes da própolis vermelha e bioatividade em Artermia salina

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lívio César Cunha Nunes

    Full Text Available A própolis é uma substância resinosa coletada pelas abelhas de diversas partes das plantas. Sua composição depende da época, vegetação e local de coleta. Apresenta diversas atividades biológicas como antimicrobiana, antioxidante, antitumoral, dentre outras. Foi realizado estudo da variabilidade sazonal, nos meses de fevereiro, junho e outubro de 2006, dos constituintes voláteis da própolis vermelha de Pernambuco através da extração por headspace dinâmico e identificação por cromatografia gasosa acoplada com espectrometria de massas (CG-EM. Foram identificados 34 constituintes voláteis, sendo monoterpenos e monoterpenóides, sesquiterpenos e sesquiterpenóides, fenilpropanóides, aldeídos, cetonas e η-alcanos. Os constituintes majoritários foram o trans-anetol, α-copaeno e o metil cis-isoeugenol. Também foi realizado o perfil fitoquímico por cromatografia em camada delgada (CCD, através da qual os constituintes fenólicos foram identificados como majoritários. Com o extrato bruto metanólico da própolis, realizou-se o ensaio de letalidade em Artemia salina, que demonstrou DL50 de 18,9 µg/mL, sugerindo uma possível atividade antitumoral.

  15. Propriedades espectrais da matéria orgânica leve-livre e leve intra-agregado de dois latossolos sob plantio direto e preparo convencional

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A. A. Freixo

    2002-06-01

    Full Text Available Este trabalho teve como objetivo estudar a natureza química das frações leves-livres (FLL e leves intra-agregado (FLI da matéria orgânica do solo, obtidas pelo fracionamento físico do solo por densidade, por meio da espectroscopia na região do infravermelho, para verificar se tais frações constituem compartimentos distintos da matéria orgânica do solo. Foram analisadas amostras de Latossolos de dois estados do Brasil (RS e GO, submetidos a plantio direto e preparo convencional, em distintos sistemas de rotação de culturas. A análise por infravermelho revelou diferenças contrastantes entre os compartimentos orgânicos estudados. Os espectros de IV da fração leve-livre apresentaram configuração semelhante aos dos resíduos vegetais, indicando que ela se encontra em estádios iniciais de transformação. Não foram observadas diferenças estruturais na FLL entre os distintos sistemas de preparo e rotação de culturas. Os espectros de IV da FLI apresentaram bandas de absorção N-H e C-O de polissacarídeos menos intensas e em maior conjugação, em relação aos espectros da FLL, características de material mais humificado. Foi observada ainda uma maior transformação estrutural da fração leve intra-agregado em solos sob preparo convencional, quando comparada à FLI de solo sob vegetação natural e plantio direto. Os índices de hidrofobicidade (IH e de condensação (IC, determinados a partir de relações entre as bandas de absorção de grupamentos - CH3 alifáticos, C-O de polissacarídeos e C=O conjugados, permitiram identificar as diferenças na recalcitrância e condensação das frações leves. Constatou-se que ambos os índices foram significativamente maiores para a matéria orgânica intra-agregado, por conseqüência de seu maior grau de humificação.

  16. VARIABILIDADE ESPACIAL DA SODICIDADE EM RAMPAS CULTIVADAS COM GRAMÍNEAS PARA TRATAMENTO DE ESGOTO SANITÁRIO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rodrigo Nogueira Martins

    2016-11-01

    Full Text Available O presente trabalho teve por objetivo avaliar a variabilidade espacial da sodicidade do solo em rampas cultivadas com Brachiaria humidicula e Zoysia japonica para tratamento de esgoto sanitário. Na estação de tratamento de esgoto do município de Januária/MG foram coletadas amostras de solo em duas rampas de tratamento de esgoto, uma cultivada com Brachiaria humidicula (RCBH e outra cultivada com Zoysia japonica (RCZJ. Foram realizadas análises de químicas do solo e com isso determinou-se a Razão de Adsorção de Sódio (RAS e a Porcentagem de Sódio Trocável (PST. Os dados foram submetidos à geoestatística. As maiores variabilidades foram observadas para a RAS e PST da RCBH, sendo classificadas como elevadas. Na análise da dependência espacial foi possivel observar que as variáveis estudadas apresentam forte correlação espacial, com excessão da RAS obtida da RCZJ que é considerada de fraca. Apesar da alta variabilidade espacial, a amplitude dos valores de RAS e PST encontrados nas rampas são pequenas não apresentando grandes riscos a salinização do solo a curto prazo.

  17. Análise da variabilidade e repetibilidade da pressão plantar durante a marcha de idosos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pedro S. Franco

    2015-10-01

    Full Text Available RESUMOIntrodução:A repetibilidade e a variabilidade da pressão plantar em avaliações da marcha são componentes importantes na avaliação clínica do idoso. Contudo, pouco é conhecido sobre a consistência dos padrões de pressão plantar em idosos.Objetivo:Analisar a variabilidade e repetibilidade da pressão plantar durante da marcha de idosos, considerando valores médios, picos e assimetrias.Métodos:A pressão plantar foi avaliada em quatro diferentes dias em 10 idosos (cinco mulheres, com idade média ± desvio-padrão de 73 ± 6 anos, durante o andar descalço em velocidade preferida. Os dados de pressão plantar foram comparados entre as pisadas em cada dia e entre os diferentes dias de avaliação.Resultados:Dados de pressão média e pico foram similares entre os diferentes dias de avaliação. Os índices de assimetria observados foram similares entre os diferentes dias avaliados.Conclusão:A pressão plantar (média e pico apresentou um padrão consistente nos idosos. Contudo, os índices de assimetria observados sugerem que idosos estejam sistematicamente expostos a cargas assimétricas durante a locomoção. Essa observação requer futuras investigações, especialmente em relação ao impacto dessas assimetrias na origem de doenças articulares.

  18. Comparação da Estabilidade do Arco e da Variabilidade da Geometria de Soldas obtidas pelos Processos MIG/MAG e Arame Tubular

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Romário Mauricio Urbanetto Nogueira

    2015-06-01

    Full Text Available ResumoApesar da similaridade, os processos MIG/MAG e Eletrodo Tubular apresentam particularidades quanto à estabilidade do arco e variabilidade nas características dos cordões. Assim, a escolha de um dos processos, para aplicação específica deveria considerar como tais particularidades afetam a qualidade destas soldas. Para subsidiar esta escolha, o presente estudo teve como objetivo investigar como a mudança na corrente média afeta a estabilidade e a regularidade das transferências de metal em soldas realizadas com tensão constante e corrente pulsada e comparar a variabilidade da geometria e da diluição destas soldas. Para atingir estes objetivos foram realizadas soldas automatizadas, tendo como metal de base o aço ABNT 1020 e como metais de adição o arame AWS ER70S-6 e AWS E71T-1. Além das soldas com variação da corrente média, os testes envolveram a determinação dos parâmetros para a ocorrência de transferência estável por curto-circuito, goticular e pulsado. Os resultados mostraram que a tensão que determina a maior estabilidade na transferência pelo modo curto-circuito, independe da velocidade de soldagem e aumenta com a velocidade do arame, mostraram também que as soldas com arame tubular apresentaram maiores variabilidades comparadas ao arame maciço.

  19. Variabilidade da aderência e das propriedades mecânicas do concreto auto-adensável

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    F. M. Almeida Filho

    Full Text Available Esta pesquisa tem como objetivo estudar a variabilidade das propriedades mecânicas (resistência à compressão, módulo de elasticidade longitudinal e resistência à tração e da resistência de aderência do concreto auto-adensável (CAA, com resistência à compressão do concreto de 50 MPa aos 28 dias, variando o tamanho máximo do agregado graúdo e sua fluidez. Os ensaios foram realizados em corposde- prova de 15 x 30 cm e em vigas padronizadas de acordo com o Rilem-Ceb-Fib (1973. De acordo com os resultados obtidos, pode-se concluir que a variabilidade do concreto auto-adensável é pequena para o módulo de elasticidade e para a resistência à compressão e grande para a resistência à tração por causa do modo de ruptura do modelo. Com relação à resistência de aderência, a variabilidade foi pequena mostrando que o concreto auto-adensável é material confiável com grande potencial de utilização no mercado da construção civil.

  20. Caracterização da variabilidade espacial do índice relativo de clorofila na cultura do trigo

    OpenAIRE

    Pias,Osmar Henrique de Castro; Santi,Antônio Luis; Cherubin,Maurício Roberto; Berghetti,Juliano; Oliveira,Thiago Campos de

    2014-01-01

    A aplicação localizada de nitrogênio, baseada no índice relativo de clorofila das folhas, pode proporcionar inúmeros benefícios econômicos e ambientais, no entanto, o conhecimento sobre a metodologia de amostragem ainda é incipiente. Nesse sentido, este estudo objetivou avaliar o uso de diferentes malhas amostrais na caracterização da variabilidade espacial do índice relativo de clorofila das folhas da cultura do trigo e na confecção de mapas temáticos para a aplicação localizada de nitrogêni...

  1. Aumento gradual da variabilidade de prática: efeito na aprendizagem da estrutura e na parametrização da habilidade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcelo Silva Januário

    Full Text Available Resumo Tradicionalmente, na aprendizagem de habilidades motoras a prática tem sido estruturada de forma constante, em blocos, seriada ou aleatória. Tem sido proposta a superioridade da prática variada sobre a prática constante bem como da prática aleatória e seriada sobre a prática em blocos. Atualmente tem sido observada uma especificidade do tipo de prática: a prática constante auxilia na formação de uma estrutura de movimento, especialmente no inicio da aprendizagem e a prática variada na melhora da parametrização. O presente estudo investigou diferentes regimes de prática e a sua combinaçao numa sequência que fornece um aumento gradual de variabilidade (constante, blocos e aleatório na aquisição de habilidades motoras. A amostra foi distribuida em quatro grupos (n = 10: CCC (constante, BBB (blocos, AAA (aleatório e CBA (constante-blocos-aleatório. O experimenta foi dividido em fase de aquisição e teste de transferência. Na fase de aquisição a tarefa foi pressionar teclas numéricas do teclado de um computador em uma sequência (2, 8, 6, 4 com o dedo indicador, com tempo relativo entre os componentes especificado (22,2%, 44,4% e 33,3% e com os seguintes tempos totais (700, 900 e 1100 ms estabelecidos conforme o delineamento experimental. Os resultados do teste demonstraram superioridade dos grupos CBA e AAA na medida de erro absoluta, dos grupos CCC e BBB na medida de erro relativo e dos grupos CCC, BBB e CBA na medida de variabilidade de erro relativo. Tais resultados demonstram que os regimes de prática que forneceram menor variabilidade conduziram ao aprendizado de uma estrutura de movimento, enquanto que as que forneceram maior variabilidade resultaram na melhora da capacidade de parametrização.

  2. VARIABILIDADE DAS CHUVAS NA VERTENTE PARANAENSE DA BACIA DO RIO PARANAPANEMA - 1999-2000 A 2009-2010

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vinicius Carmello

    2015-06-01

    Full Text Available Os investimentos no campo vêm sendo ampliados ao longo das últimas décadas, sobretudo pela justificativa de se minimizar as repercussões, ditas “naturais”, no território agrícola ocupado. O objetivo deste artigo é analisar a variabilidade das chuvas na vertente paranaense da bacia do rio Paranapanema em período de safra de soja (outubro – abril. Para tanto, foram aplicadas duas técnicas estatísticas: Mann-Kendall e Percentil, com o intuito de estudar a tendência e a variabilidade dos totais anuais de chuva da série histórica entre os anos 1999-2000 a 2009-2010. Para isso utilizou-se dados de precipitação de 89 postos pluviométricos administrados pelo Instituto das Águas do Paraná. Ademais, definiram-se períodos extremamente secos, secos, habituais, chuvosos e extremamente chuvosos, representados em um painel tempo-espacial. Quanto ao teste de Mann-Kendall: 13 postos pluviométricos apresentaram tendência positiva de aumento das chuvas. No que se refere aos resultados mais expressivos relacionados à variabilidade da chuva anual acumulada, concluiu-se que o ano agrícola de 1999–2000 foi definido como padrão seco, em contraposição ao ano agrícola chuvoso de 2009–2010. Os valores de produtividade de soja utilizados para medir o impacto desses períodos extremos também evidenciam variações em resposta aos registros pluviométricos de cada ano.

  3. CARACTERIZAÇÃO DA VARIABILIDADE GENÉTICA EM COUVE-MANTEIGA UTILIZANDO ISOENZIMAS E RAPD

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    SAWAZAKI HAIKO ENOK

    1997-01-01

    Full Text Available Estudou-se a variabilidade genética em couve (Brassica oleracea L. var. acephala D.C. tipo manteiga por intermédio do polimorfismo enzimático em gel de poliacrilamida e do polimorfismo de DNA, denominado RAPD (Random Amplified Polymorphic DNA, com base na amplificação de segmentos de DNA ao acaso. Avaliaram-se quinze clones de couve-manteiga do Banco Ativo de Germoplasma do Instituto Agronômico (IAC, utilizando-se extratos de folhas para análise de isoenzimas e marcador RAPD com os "primers" dos kits A e B da Operon Technologies. Entre as isoenzimas estudadas, as mais polimórficas foram as fosfoglucomutase (PGM, peroxidase (PRX e esterase (EST, tendo o sistema PGM realizado a melhor caracterização. Verificou-se a ocorrência de variabilidade genética por meio de isoenzimas e RAPD, porém não foi observada a similaridade entre os dendrogramas obtidos por ambos os tipos de marcadores, sugerindo que as isoenzimas forneceram menos informação sobre o genoma. A maior eficácia do RAPD foi devida à possibilidade de processar maior número de análises, evidenciando mais detalhes sobre o genoma.

  4. Variabilidade físico-química da farinha de mandioca Physicochemical variability of cassava flour

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Joana Maria Leite de Souza

    2008-12-01

    Full Text Available Este trabalho teve como objetivo avaliar a variabilidade físico-química da farinha de mandioca comercializada no município de Cruzeiro do Sul - AC por meio da análise multivariada. Foram analisadas 18 amostras de diferentes farinhas de mandioca, quanto às variáveis: umidade, cinzas, lipídios, proteína bruta, fibra bruta, carboidratos totais, acidez e pH. A aplicação da análise multivariada de agrupamento segundo o método de Tocher permitiu o estabelecimento de cinco grupos de farinhas. Os grupos IV e V foram considerados de alta qualidade, o primeiro por apresentar o menor teor de cinzas e o maior de proteína bruta, e o segundo por apresentar o menor teor de umidade e o maior teor de carboidratos dentre os grupos. As técnicas de análise multivariada foram coerentes para identificar as farinhas mais heterogêneas. A identificação de grupos distintos indica a existência de variabilidade nas farinhas de mandioca comercializadas na região de Cruzeiro do Sul - AC, podendo esta variabilidade estar relacionada, especialmente com o processo de produção.The goal of this work was to evaluate the physicochemical variability of the cassava flour, sold in the city of Cruzeiro do Sul - in the state of AC (Brazil, by multivaried analysis. The following contents of eighteen different cassava flours were analyzed: moisture, ashes, lipids, protein, fiber, carbohydrates, acidity, and pH. Grouping multivaried analysis according to the Tocher method allowed the establishment of five groups of flours. The groups IV and V were considered high quality groups. The first one due to the lower ashes and higher protein contents; and the second due to the lower moisture and higher carbohydrates contents. The multivaried analysis techniques presented good responses to identify most heterogeneous flours. The physicochemical variability seen in the five different groups probably indicates different production processes.

  5. Detecção de limites de solos por dados espectrais e de relevo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José A.M. Demattê

    2014-06-01

    Full Text Available Existe a necessidade de avaliar a importância do relevo associado aos parâmetros espectrais de solos como base no mapeamento. O objetivo deste trabalho foi determinar um método de detecção de limites de solos por meio da interação de dados espectrais e formas de relevo. Foram percorridas 14 topossequências representativas de uma área de 13.000 ha próxima dos municípios de São Carlos e Araraquara, SP. As amostras foram caracterizadas pelos métodos convencionais de análise química e granulométrica. Posteriormente, foram obtidos dados espectrais de 400 a 2.500 nm. As informações do relevo foram obtidas pelo emprego de técnicas de geoprocessamento. Geraram-se o modelo digital de elevação do terreno e os mapas de declividade, de curvatura, de índice topográfico composto e de Potencial de Densidade de Drenagem. Ainda, procedeu-se à validação dos métodos pontual e espacial. Na primeira validação, os pontos classificados nas topossequências foram tomados como verdadeiros e contrastados com as informações contidas no mapa de solo pré-existente, com os dados de relevo e com os dados espectrais agrupados. Na validação em nível espacial, procuraram-se avaliar em que locais os diferentes métodos indicavam mudanças nos limites dos solos e comparar com as observações reais. Verificou-se que a análise de agrupamento com cluster evidenciou-se eficiente na discriminação das unidades de solos em topossequência, quando utilizados parâmetros espectrais do solo. Já o conjunto de parâmetros de relevo isoladamente não foi o mais adequado.

  6. VARIABILIDADE DA PRECIPITAÇÃO E DO NÚMERO DE DIAS COM CHUVAS DE DUAS CIDADES DISTINTAS DA PARAÍBA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Júlio Mannuel Tavares Diniz

    2013-08-01

    Full Text Available Na região Nordeste do Brasil é característica a significativa variabilidade espacial e temporal da precipitação pluvial, proveniente da atuação de diferentes sistemas meteorológicos. Em determinadas localidades do estado da Paraíba são comuns a ausência de chuvas durante períodos prolongados, ocasionando graves problemas para a sociedade e para os ecossistemas naturais. Neste sentido, o presente trabalho tem como objetivo a avaliação da precipitação e do número de dias com chuvas observados em duas cidades distintas da Paraíba. Os dados utilizados foram fornecidos pelo Instituto Nacional de Meteorologia e são provenientes de observações realizadas entre os anos de 2002 e 2011. A partir da análise dos resultados, verificou-se que o total de chuvas anuais e mensais observado em João Pessoa é bastante superior ao de Campina Grande. Em ambas as localidades, as chuvas apresentaram-se mais abundantes e regulares no primeiro semestre do ano, com valores máximos em torno do mês de Junho.

  7. Variabilidade temporal e espacial do tamanho de amostra da temperatura mínima do ar no Rio Grande do Sul, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cargnelutti Filho Alberto

    2006-01-01

    Full Text Available Com o objetivo de verificar a existência de variabilidade temporal e espacial do tamanho de amostra da temperatura mínima do ar média mensal de trinta e sete municípios do Rio Grande do Sul, utilizaram-se os dados de temperatura mínima do ar do período de 1931 a 2000. Determinou-se o tamanho de amostra da temperatura mínima do ar média mensal em cada mês e município. Realizou-se análise de agrupamento dos meses e dos municípios pelo método hierárquico "vizinho mais distante". Há variabilidade do tamanho de amostra (número de anos para a estimativa da temperatura mínima do ar média mensal no Estado do Rio Grande do Sul no tempo e no espaço. Maior tamanho de amostra, no Estado do Rio Grande do Sul, é necessário nos meses de maio, junho e julho, com diminuição gradativa em direção a janeiro e dezembro. Há variabilidade do tamanho de amostra entre os municípios do Estado do Rio Grande do Sul.

  8. Variabilidade da frequência cardíaca em neonatos prematuros e de termo Variabilidad de la frecuencia cardíaca en neonatos prematuros y de término Heart rate variability in preterm and term neonates

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabio Augusto Selig

    2011-06-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Várias publicações têm demonstrado a importância do sistema nervoso autônomo por meio dos componentes simpático e parassimpático na gerência da interação entre as diferentes partes do organismo humano. Esses estudos aplicaram técnicas lineares e não lineares (Teoria do Caos de avaliação em diferentes situações, doenças e faixas etárias, tendo como ferramenta a variabilidade da frequência cardíaca (VFC. OBJETIVO: Aplicar os conhecimentos das dinâmicas linear e não linear na avaliação de neonatos prematuros (NPT, analisando sua VFC e comparando com neonatos de termo (NT saudáveis. MÉTODOS: Quarenta e oito neonatos prematuros com diferentes idades gestacionais tiveram seus batimentos cardíacos captados com auxílio do equipamento Polar Advanced S810i e sua VFC obtida pelo registro dos intervalos RR. A VFC foi analisada nos domínios do tempo (SDNN, RMSSD, SD1/SD2, da frequência (VLF, LF, HF e a relação LF/HF e do caos (TAU e sua normalização [TAU(n], Expoente de Lyapunov e Entropia. Os NPT foram comparados com um grupo de 78 NT saudáveis e sem intercorrências perinatais com auxílio do teste não paramétrico de Kruskal-Wallis. RESULTADOS: Detectou-se diferença estatisticamente significante entre os grupos para todas as variáveis estudadas, tanto no domínio do tempo como nos da frequência e do caos. CONCLUSÃO: Neonatos prematuros exibem comportamento menos complexo da variabilidade da frequência cardíaca que neonatos de termo, fato comprovado nos domínios do tempo, da frequência e do caos. O estudo da variabilidade cardíaca nesse grupo pode ser considerado uma ferramenta a mais na avaliação da maturação autonômica e, consequentemente, da progressão para eutrofia.FUNDAMENTO: Varias publicaciones han demostrado la importancia del sistema nervioso autónomo por medio de los componentes simpático y parasimpático en el manejo de la interacción entre las diferentes partes del organismo

  9. Desenvolvimento de uma rede de sensores sem fio aplicada no monitoramento da variabilidade térmica em casas de vegetação

    OpenAIRE

    Barbosa, Rogério Zanarde [UNESP

    2015-01-01

    Este é um trabalho de tecnologia computacional aplicada na área agrícola, cujo objetivo principal do trabalho é desenvolver uma rede de sensores sem fio, que envolve aspectos de software e hardware, para o monitoramento térmico no interior de uma casa de vegetação. Além da rede propriamente dita, o trabalho também inclui a sua aplicação no levantamento quantitativo da variabilidade térmica na casa de vegetação o que pode ser aplicado em diversas atividades agrícolas a serem desenvolvidas no i...

  10. Correlação entre qualidade da água e variabilidade da precipitação no sul do Estado do Amapá

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Brunna Stefanny Sangel de Oliveira

    2014-04-01

    Full Text Available O objetivo da investigação foi quantificar a variabilidade da qualidade físico-química e microbiológica da água sob influência da precipitação mensal no Baixo Rio Jari-AP. Este trecho da bacia hidrográfica é considerado como de alto risco às enchentes periódicas. A metodologia de estudo consistiu em coletas mensais de água superficial durante os meses de novembro de 2009 a novembro de 2010, em quatro sítios amostrais definidos em um trecho de 36 km, localizado em frente da cidade Laranjal do Jari-AP. No total, dezesseis parâmetros da qualidade da água foram analisados por amostra. Os resultados foram comparados com as referências do CONAMA 357/2005 (classe 2 e submetidos a uma análise de correlação de Spearman, a qual foi utilizada para quantificar o grau de associação entre parâmetros da qualidade da água e a precipitação mensal. Os parâmetros cor, turbidez, Al+3 , Mn+2 e E. coli apresentaram significativa correlação com a precipitação média mensal. Além disso, altas concentrações de DBO e Coliformes Totais (CT indicaram maior vulnerabilidade ou risco do corpo d´água estar relacionado com doenças potenciais de veiculação hídrica em períodos mais chuvosos. Também, os parâmetros cor, Fe, CT e E. coli apresentaram-se em não conformidade com a legislação CONAMA 357/2005. Concluiu-se que a alteração da qualidade da água tende a se agravar, em termos de vulnerabilidade ou risco à saúde pública, durante eventos mais chuvosos ou de precipitação extrema.

  11. Variabilidade da frequência cardíaca em mulheres com hipermobilidade articular

    OpenAIRE

    Nunes,Mariane de Oliveira; Rubira,Marcelo Custódio; Rubira,Ana Paula Fernandes De Angelis; Nascimento,Aline Cristina Pereira do; Paula Júnior,Alderico Rodrigues de; Osório,Rodrigo Alexis Lazo

    2011-01-01

    A hipermobilidade é a capacidade de desempenhar movimentos articulares com amplitude maior que o normal. A prevalência possui variações determinadas pela etnia, sexo, idade, atividade física e variações nos critérios de caracterização. Aproximadamente 30% dos adultos são portadores e apresentam feedback proprioceptivo, sensorial diminuído e espacial alterado da articulação levando a maior frequência de ativação e deformação dos mecanorreceptores nos músculos esqueléticos e na pele. O aumento ...

  12. Variabilidade espacial da biomassa da forragem e taxa de lotação animal em pastagem de capim Marandu

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sabino Pereira da Silva Neto

    2015-07-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi realizar a modelagem variográfica da disponibilidade de matéria seca da Urochloa brizantha cv. Marandu e a simulação da taxa de lotação animal por meio do ajuste dos modelos esférico, exponencial e gaussiano ao semivariograma experimental, bem como a robustez das predições. A biomassa da gramínea foi coletada em 50 pontos em uma área de 36,22 ha. A simulação da taxa de lotação foi realizada com base na disponibilidade de folhas verdes em cada ponto amostrado, consumo diário de matéria seca por cada unidade animal (UA e o tempo de pastejo. Os dados referentes às variáveis foram submetidos à análise descritiva, estudo geoestatístico e interpolação por krigagem ordinária. A modelagem variográfica da disponibilidade de matéria seca do capim marandu e a taxa de lotação foram caracterizadas pelos modelos esférico, exponencial e gaussiano. Entretanto, apesar da aparente precisão dos ajustes, o modelo esférico apresentou melhor inferência, segundo o critério de informação de Akaike e soma dos erros ao quadrado. Assim, a adoção de modelos com ajustes de critérios somente visuais levam a estimativas da disponibilidade de biomassa de forragem e da taxa de lotação animal que não refletem a realidade da área. Palavras–chave: Estrutura do pasto. Carga animal. Distribuição espacial. Pecuária de precisão. Produção animal. Semivariograma.

  13. Variabilidade da radiação solar à superfície em Portugal

    OpenAIRE

    Perdigão, João; Salgado, Rui; Dasari, Hari; Costa, Maria João; Mendes, Manuel; Nunes, Luís

    2011-01-01

    A radiação solar modela o clima do nosso planeta e quaisquer alterações induz variações de temperatura, humidade, precipitação, etc. A radiação solar é também um factor que condiciona níveis económicos, sociais, ambientais e biológicos. Vários estudos indicam que, entre 1950 e meados da década de 80, se registou uma diminuição na radiação solar global que chega à superfície – fenómeno conhecido por “global dimming.”. Os estudos indicam que posteriormente se observou o efeito contr...

  14. Caracterização e uso da variabilidade genética de banco ativo de germoplasma de Coffea canephora Pierre ex Froehner

    OpenAIRE

    Rocha, Rodrigo Barros; Embrapa Rondônia; Santos, Diogo Vieira; ULBRA; Ramalho, André Rostand; Embrapa Rondônia; Teixeira, Alexsandro Lara; Embrapa Rondônia

    2014-01-01

    Estratégias eficientes para manipular a variabilidade genética são determinantes para o sucesso dos programas de melhoramento de Coffea canephora. Combinações entre genitores divergentes expressam maior efeito heterótico, devendo a seleção de matrizes considerar, simultaneamente, a divergência genética e o desempenho agronômico superior.Objetivou-se, neste trabalho, quantificar a diversidade genética de acessos de C. canephora do Banco Ativo de Germoplasma da Embrapa Rondônia, visando à ident...

  15. GPS receivers for georeferencing of spatial variability of soil attributes Receptores GPS para georreferenciamento da variabilidade espacial de atributos do solo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    David L Rosalen

    2011-12-01

    Full Text Available The characterization of the spatial variability of soil attributes is essential to support agricultural practices in a sustainable manner. The use of geostatistics to characterize spatial variability of these attributes, such as soil resistance to penetration (RP and gravimetric soil moisture (GM is now usual practice in precision agriculture. The result of geostatistical analysis is dependent on the sample density and other factors according to the georeferencing methodology used. Thus, this study aimed to compare two methods of georeferencing to characterize the spatial variability of RP and GM as well as the spatial correlation of these variables. Sampling grid of 60 points spaced 20 m was used. For RP measurements, an electronic penetrometer was used and to determine the GM, a Dutch auger (0.0-0.1 m depth was used. The samples were georeferenced using a GPS navigation receiver, Simple Point Positioning (SPP with navigation GPS receiver, and Semi-Kinematic Relative Positioning (SKRP with an L1 geodetic GPS receiver. The results indicated that the georeferencing conducted by PPS did not affect the characterization of spatial variability of RP or GM, neither the spatial structure relationship of these attributes.A caracterização da variabilidade espacial dos atributos do solo é indispensável para subsidiar práticas agrícolas de maneira sustentável. A utilização da geoestatística para caracterizar a variabilidade espacial desses atributos, como a resistência mecânica do solo à penetração (RP e a umidade gravimétrica do solo (UG, é, hoje, prática usual na agricultura de precisão. O resultado da análise geoestatística é dependente da densidade amostral e de outros fatores, como o método de georreferencimento utilizado. Desta forma, o presente trabalho teve como objetivo comparar dois métodos de georreferenciamento para a caracterização da variabilidade espacial da RP e da UG, bem como a correlação espacial dessas vari

  16. Variabilidade espacial da produtividade de milho irrigado e sua correlação com variáveis explicativas de planta

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    André Luis Vian

    2016-03-01

    Full Text Available RESUMO: Em decorrência da instabilidade da produtividade das principais culturas associada ao déficit hídrico, tem se tornado cada vez mais frequente a necessidade do uso de tecnologias como a irrigação e a agricultura de precisão (AP. O presente trabalho objetivou avaliar a variabilidade espacial da produtividade de grãos de milho e sua correlação com variáveis explicativas de planta em área irrigada. O estudo foi conduzido nas safras agrícolas 2010/2011 e 2011/2012, em área de 35ha, manejada em sistema plantio direto e irrigação por pivô central. Os componentes de produtividade e a produtividade de grãos foram avaliados seguindo uma malha amostral de 100x100m. A produtividade de grãos e a maior parte dos componentes de produtividade apresentaram baixa dispersão dos dados, condicionando a normalidade dos dados. A produtividade de grãos, mesmo com a irrigação, apresentou elevada variabilidade espacial. Na análise de trilha, verificaram-se altos coeficientes de determinação dos componentes de produtividade com a produtividade de grãos.

  17. Relação entre a variabilidade da frequência cardíaca e VO 2pico em mulheres ativas

    OpenAIRE

    Tamburús, Nayara Yamada; Rebelo, Ana Cristina Silva; César, Marcelo de Castro; Catai, Aparecida Maria; Takahashi, Anielle Cristhine de Medeiros; Andrade, Carolina Pieroni; Porta, Alberto; Silva, Ester da

    2014-01-01

    OBJETIVO: Ava+liar a associação entre os índices da variabilidade da frequência cardíaca (VFC) e a aptidão cardiorrespiratória.MÉTODOS: Sessenta e duas mulheres (idade 22,1 ± 3,3 anos) foram divididas em quatro grupos: treinamento aeróbio (AER, n = 15), treinamento de força (FOR, n = 13), treinamento combinado (aeróbio e força) (AER+FOR, n = 15) e controle (C, n = 19). O teste cardiopulmonar foi realizado para avaliar a aptidão cardiorrespiratória a partir do consumo de oxigênio pico (VO2pico...

  18. Genetic variability in the brazilian criollo horse breed Variabilidade genética de cavalos da raça crioula no Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Myriam Elizabeth Vinocur

    2003-02-01

    Full Text Available Allelic frequencies of 7 blood groups and 8 protein systems were determined in 6 herds of Criollo horse breed raised in Rio Grande do Sul, Brazil. Analysis of these frequencies showed a significant isolation component (Fst = 0.0866; pAs freqüências alélicas de sete sistemas de grupos sangüíneos e oito sistemas protéicos foram determinadas em seis rebanhos de cavalos Crioulos criados no Rio Grande do Sul, Brasil. A análise destas freqüências indicou que os rebanhos apresentaram um significativo componente devido ao isolamento (Fst = 0,0866; p<0,01 e esta diferença foi confirmada a partir do dendograma construído, utilizando-se a distância de Nei. Na medição da variabilidade genética, utilizando os 15 sistemas de tipagem sangüínea, os valores mais altos encontrados foram heterozigose média: 0.4631; número total de alelos :87 e probabilidade de exclusão de um parentesco indicado: 98%. Quando todas os rebanhos foram considerada na análise, o nível de endocruzamento (Fis foi zero. Estes resultados indicam que os cavalos Crioulos apresentam ampla variabilidade genética.

  19. Variabilidade do risco do tempo de permanência ajustado para lactentes de muito baixo peso ao nascer entre centros da Neocosur South American Network

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Guillermo Marshall

    2012-12-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Desenvolver um modelo de predição para o tempo de permanência hospitalar (TPH em lactentes de muito baixo peso ao nascer (MBPN e comparar esse resultado entre 20 centros de uma rede neonatal, visto que o TPH é utilizado como uma medida da qualidade da assistência em lactentes de MBPN. MÉTODOS: Utilizamos dados coletados prospectivamente de 7.599 lactentes com peso ao nascer entre 500 e 1.500 g no período entre os anos de 2001 a 2008. O modelo de regressão de Cox foi empregado para desenvolver dois modelos de predição: um modelo prévio com dados do nascimento e outro posterior, que acrescenta morbidades relevantes dos primeiros 30 dias de vida. RESULTADOS: A mediana do TPH estimado e ajustado a partir do nascimento foi de 59 dias; 28 dias depois do tempo de sobrevida de 30 dias. Houve uma alta correlação entre os modelos (r = 0,92. O TPH esperado e o TPH observado variaram bastante entre os centros, mesmo depois de correção para as morbidades relevantes após 30 dias. O TPH mediano (variação: 45-70 dias e a idade concepcional na alta hospitalar (variação: 36,4-39,9 semanas refletem uma variabilidade alta entre centros. CONCLUSÃO: Um modelo simples, com fatores apresentados no nascimento, pode predizer o TPH de um lactente de MBPN em uma rede neonatal. Observou-se uma variabilidade nos TPHs considerável entre unidades de terapia intensiva neonatal. Especulamos que os resultados sejam provenientes das diferenças entre as práticas dos centros.

  20. Variabilidade espacial da resistência do solo à penetração avaliada ao longo de um cultivo de milho

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Henrique José Guimarães Moreira Maluf

    2012-04-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo é avaliar as variações espaciais da resistência à penetração em um Latossolo Vermelho Distroférrico típico em quatro profundidades e em três estágios fenológicos da cultura do milho. A área experimental foi cultivada sob um convencional preparo de solo, onde foi implantada a cultura do milho. Esta foi definida por uma malha quadrangular de 70 m x 70 m, selecionada a partir de características visuais homogêneas, onde se estabeleceu 64 pontos georeferenciados distanciados de 10 em 10 m. As avaliações da resistência à penetração foram realizadas até 40 cm de profundidade em três estágios distintos da cultura (V6, VT e R6. As análises geoestatísticas e a geração dos mapas de variabilidade foram realizadas com o uso da versão gratuita do programa computacional GS+. Os resultados apresentam diferença entre as avaliações em cada perfil estudado, apresentando diferenciações nos modelos, na classificação da dependência espacial e no alcance desta dependência, o que dificulta a tomada de decisões pois estas mensurações sofrem influência de inúmeros fatores. O estudo permitiu uma maior visualização das influências nas medidas de resistência à penetração e alerta profissionais da área no uso destas para identificação de camadas compactadas.

  1. Spatial variability of aggregate stability in latosols under sugarcane Variabilidade espacial da estabilidade de agregados em latossolos sob cultivo de cana-de-açúcar

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Zigomar Menezes de Souza

    2009-04-01

    Full Text Available The spatial variability of soils under a same management system is differentiated, as expressed in the properties. The spatial variability of aggregate stability of a eutrophic Red Latosol (ERL and a dystrophic Red Latosol (DRL under sugarcane was characterized. Samples were collected in a regular 10 m grid, in the layers 0.0-0.2 and 0.2-0.4 m, with 100 points per area, and the following properties were determined: geometric mean diameter (GMD of aggregates, mean weight diameter (MWD of aggregates, percent of aggregates in the > 2.0 mm class and organic matter (OM content. The eutrophic Red Latosol (ERL had a higher aggregate stability thn the dystrophic Red Latosol (DRL, which may be attributed to the higher clay and OM content and the gibbsitic mineralogy of this soil class. The differentiated evolution of the studied Oxisols explains the wider range and lower variation coefficient and variability, for all properties studied in the eutrophic Red Latosol.Solos submetidos ao mesmo sistema de manejo manifestam variabilidade espacial diferenciada de seus atributos. A variabilidade espacial da estabilidade de agregados foi caracterizada em um Latossolo Vermelho distrófico e Latossolo Vermelho eutroférrico, sob cultivo de cana-de-açúcar. Foram realizadas amostragens de terra nos pontos de interseção de uma malha de 10 x 10 linhas, espaçadas de 10 m, totalizando 100 pontos de amostragem por área, coletadas nas camadas de 0,0-0,2 e 0,2-0,4 m de profundidade, para determinação de diâmetro médio geométrico (DMG, diâmetro médio ponderado (DMP, agregados na classe >2,0 mm e teor de matéria orgânica do solo. O Latossolo Vermelho eutroférrico apresenta maior estabilidade de agregados quando comparado com o Latossolo Vermelho distrófico, condizente com o maior teor de argila, matéria orgânica e mineralogia gibbsítica. A evolução diferenciada dos Latossolos estudados explica os maiores alcances, o menor coeficiente de variação (CV e

  2. Variabilidade espacial da textura de um latossolo sob cultivo de citros Spatial variability of texture in an Oxisol cultivated with citrus

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marissol G. A. Leão

    2010-02-01

    Full Text Available O relevo influencia a variabilidade da textura, uma vez que condiciona o tempo de exposição dos materiais à ação do intemperismo. Neste trabalho, desenvolvido no município de Gavião Peixoto (SP, objetivou-se caracterizar a variabilidade espacial da textura de um Latossolo Vermelho distrófico sob cultivo de citros. A encosta foi dividida em três segmentos: topo, meia encosta e encosta inferior. O solo foi amostrado em malha, com intervalos regulares de 50 m, perfazendo o total de 332 pontos em uma área de 83,5 ha, nas profundidades de 0,0-0,2 m e 0,6-0,8 m. Os dados foram submetidos à análise estatística descritiva e geoestatística (modelagem de semivariogramas e mapas de krigagem. O comportamento espacial da textura de latossolos está diretamente relacionado com as formas do relevo neste estudo, que controla o sentido dos fluxos de água superficial e subsuperficial. O conceito de homogeneidade da distribuição de argila no perfil dos latossolos é uma informação que pode ser ajustada pelo conhecimento do padrão espacial dessa distribuição em diferentes formas do relevo.Relief influences soil texture variability, since it contributes to the time of exposition of the materials to weathering factors. Our work was carried out in the city of Gavião Peixoto (SP, with the objective of characterizing the spatial variability of texture of a dystrophic Red Latosol cultivated with citrus. The hillside was divided into three segments: top, stocking lean and inferior lean. Soil samples were collected in a grid with regular intervals of 50 m, at the depths of 0.0-0.2 m and 0.6-0.8 m, comprising a total of 332 points in an area of 83.5 ha. The data were submitted to descriptive and geostatistics analyses (semivariogram modeling and kriging maps. The spatial behavior of the texture of oxisols is directly related to the relief forms in this study, which controls the direction of surface and subsurface water flows. The concept of

  3. Efeito da respiração diafragmática sobre a variabilidade da frequência cardíaca na doença cardíaca isquêmica com diabete

    OpenAIRE

    Kulur, Anupama Bangra; Haleagrahara, Nagaraja; Adhikary, Prabha; Jeganathan, P. S.

    2009-01-01

    FUNDAMENTO: A diminuição da variabilidade da frequência cardíaca (VFC) está associada com um prognóstico desfavorável em pacientes com doença cardíaca isquêmica (DCI) e diabete. Ainda não foi provado em definitivo se a mudança no padrão respiratório pode modificar o fator de risco nesses pacientes. OBJETIVO: Avaliar o efeito da respiração diafragmática sobre a VFC em pacientes diabéticos com DCI. MÉTODOS: A população do estudo consistiu em 145 pacientes do sexo masculino selecionados ao acaso...

  4. Compressão da mortalidade: um estudo da variabilidade da idade à morte na população do Estado de São Paulo, Brasil, 1980-2005 Compression of mortality: a study on the variability of age at death in the State of São Paulo, Brazil, 1980-2005

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcos Roberto Gonzaga

    2009-07-01

    Full Text Available Este trabalho analisou as mudanças na estrutura de mortalidade da população do Estado de São Paulo, Brasil, entre 1980 e 2005, na tentativa de identificar os efeitos destas mudanças na variabilidade da idade à morte. As evidências de um deslocamento da distribuição de óbitos para as idades mais avançadas foram claras, pois o tempo médio de vida da população aumentou cerca de sete anos. Buscou-se analisar se esse deslocamento foi acompanhado por uma redução na variabilidade da idade à morte, o que daria suporte para o início de um processo de compressão da mortalidade. Dois períodos distintos de mudança na variabilidade da idade à morte foram evidenciados. No primeiro (1980 a 1995, identificou-se aumento na variabilidade da idade à morte. Já no segundo (1995 a 2005 reconheceu-se tendência de redução nessa variabilidade. Estimativas acima de determinado quartil da distribuição dos óbitos por idade indicaram que o processo de compressão da mortalidade ocorreu em quase todo o período. Destaca-se que as mulheres apresentaram variabilidade da idade à morte significativamente menor que os homens em todo o período analisado.In the present study, changes in the population mortality structure in the State of São Paulo, Brazil, were analyzed from 1980 to 2005, aimed at identifying the effects of these changes on the variability of age at death. Evidence of a change in the distribution of deaths toward more advanced ages was found, and the mean lifespan for the overall population increased by seven years during the period. Two different scenarios were observed. The first (1980-1995 showed an increase in the variability of age at death. The second (1995-2005 showed a downward trend in variability. Estimates beyond a given quartile of the death distribution by age indicated that compression of mortality took place throughout the entire period. However, variability of age at death was lower for males as compared to females.

  5. VARIABILIDADE ESPACIAL DA PRODUTIVIDADE DE SORGO E DE ATRIBUTOS DO SOLO NA REGIÃO DO ECÓTONO CERRADO-PANTANAL, MS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rafael Montanari

    2015-04-01

    Full Text Available O Sorghum bicolor (L. Moech é uma importante forrageira de alta produção, que cresce no cenário brasileiro ainda de forma lenta em substituição ao cultivo de milho safrinha. A cultura do sorgo seria alternativa no período da seca na produção de silagem para o período das águas; contudo, o crescimento e desenvolvimento das plantas pode ser influenciado por alterações nos atributos do solo, como textura, porosidade e estrutura do solo. O objetivo deste trabalho foi analisar e caracterizar a dependência e variabilidade espacial entre atributos do solo e a cultura do sorgo forrageiro, em um Planossolo Hidromórfico no ecótono Cerrado-Pantanal. Para tanto, estimaram-se a produtividade de matérias verde e seca de forragem (MVF e MSF de sorgo forrageiro e os atributos do solo, como macroporosidade (Ma, microporosidade (Mi, porosidade total (Pt, diâmetro médio geométrico, diâmetro médio ponderado, índice de estabilidade de agregados (IEA e teor de carbono orgânico total do solo (COT, em duas profundidades: 1 (0,00-0,10 m e 2 (0,10-0,20 m. Em relação à malha geoestatística, foram realizadas 50 coletas de atributos de planta e solo em 40 ha. Isso possibilitou detectar a elevada variabilidade espacial dos atributos de planta (MVF e MSF e também os atributos do solo que mais variaram espacialmente. Com relação às variáveis que apresentaram dependência espacial, o coeficiente de determinação (r2 decresceu na seguinte ordem: IEA1, silte2, Ma1, Pt1, areia2, silte1, MSF, argila1, MVF e IEA2. Com isso, verificou-se que IEA1 apresentou o melhor ajuste semivariográfico (r2 = 0,926, com alcance de 677,0 m, e o avaliador da dependência espacial (50,6 % moderado. O silte1, porém, evidenciou o menor alcance (111,0 m e, assim, recomenda-se que em estudos posteriores o alcance mínimo a ser adotado, para esse tipo de avaliação, não deve ser inferior a esse valor em Planossolo Hidromórfico sob preparo convencional. A correla

  6. Variabilidade espacial da fertirrigação em Latossolo Vermelho Amarelo cultivado com melão Spatial variability of fertirrigation in a Oxissol cultivated with melon

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Neyton de O. Miranda

    2006-06-01

    Full Text Available Este trabalho, realizado em Mossoró, RN, investigou a variabilidade de parâmetros da fertirrigação por gotejamento, sua dependência espacial e correlação com a produtividade e qualidade de frutos de melão. Em uma malha de 20 por 20 m foram tomadas 75 amostras, para se determinar: produção de frutos tipo exportação (PEXP, mercado nacional (PNAC e comerciável (PCOM, peso médio de frutos comerciáveis (PMCOM, teor de sólidos solúveis totais (SST, firmeza de polpa, espessura da polpa (ESPOLP, elevação, distância até a entrada de água, além da quantidade de adubo aplicada e vazão dos gotejadores com os respectivos coeficientes de uniformidade de emissão (CUE. A variabilidade foi determinada através da estatística descritiva e da geoestatística. A vazão e a quantidade de adubo aplicada no primeiro teste, foram menores que o esperado. O CUE foi bom e excelente para vazão, e regular e bom para a quantidade de adubo aplicada. A dependência espacial foi observada para vazão e quantidade de adubo aplicada, cujas isolinhas permitiram localizar-se áreas onde ocorreu déficit ou excesso. As correlações sugerem influência da vazão sobre PNAC, PCOM e PMCOM, e da quantidade de adubo sobre PEXP e ESPOLP.This study investigated the variability of drip fertirrigation parameters, its spatial dependence and relationship to yield and quality of melon fruits in a field in Mossoró, RN, Brazil. A total of 75 plots were sampled in a 20 by 20 m grid to determine the following parameters: yield of export type melon (PEXP and national market type (PNAC, marketable yield (PCOM, mean weight of marketable fruits (PMCOM, total soluble solids content (SST, pulp firmness, pulp thickness (ESPOLP, emitter discharge rate, elevation, distance to water inlet, amount of fertilizer applied, and emission uniformity (CUE of discharge rate and fertilizer amount. The variability was assessed by conventional statistics methods and by geostatistics

  7. Variabilidade espacial da resistência do solo à penetração e da taxa de estratificação de carbono orgânico do solo em um Latossolo Vermelho eutroférrico

    OpenAIRE

    Fidalski,Jonez; Tormena,Cássio Antonio; Gonçalves,Antonio Carlos Andrade; Oliveira Júnior,Rubem Silvério

    2006-01-01

    A compactação e a qualidade do solo são constantemente questionadas para a definição do manejo de solo em plantio direto. Os objetivos deste estudo foram avaliar a variabilidade espacial da resistência do solo à penetração, da densidade do solo e a taxa de estratificação de carbono orgânico do solo em camadas de um Latossolo Vermelho eutroférrico, textura muito argilosa, em áreas contíguas de plantio direto com rotação de culturas e plantio direto com sucessão de culturas associado à escarifi...

  8. Dimensão da malha amostral para caracterização da variabilidade espacial de fósforo e potássio em Latossolo Vermelho

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maurício Roberto Cherubin

    2015-02-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar a acurácia na caracterização da variabilidade espacial de fósforo e potássio disponíveis no solo, pelo uso de diferentes dimensões de malhas amostrais, bem como a similaridade dos mapas temáticos gerados. O estudo foi conduzido em área de Latossolo Vermelho de 41,96 ha, em Boa Vista das Missões, RS. A amostragem de solo foi realizada na camada de 0,00-0,10 m, tendo-se utilizado sete dimensões de malha amostral: 50x50, 75x75, 100x100, 125x125, 150x150, 175x175 e 200x200 m. Os dados de P e K foram submetidos às análises de estatística descritiva e de geoestatística, e a similaridade dos mapas temáticos gerados foi analisada pelo coeficiente de desvio relativo e pela matriz de correlação de Pearson. A redução da dimensão da malha amostral aumenta a acurácia na caracterização da variabilidade espacial de P e K e, consequentemente, a qualidade das informações geradas por meio dos mapas temáticos. Malhas amostrais ≤100x100 m são recomendadas para planos de amostragem de solo adotados nas áreas de agricultura de precisão no Estado do Rio Grande do Sul.

  9. Precipitação na bacia amazônica e sua associação à variabilidade da temperatura da superfície dos oceanos Pacífico e Atlântico: uma revisão

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leila Limberger

    2016-12-01

    Full Text Available Estudos sobre variabilidade climática caracterizam-se como de grande importância para os estudos geográficos já que os extremos climáticos afetam diretamente as condições socioambientais. O presente estudo visa apresentar pesquisas já desenvolvidas sobre a variabilidade climática da chuva na bacia amazônica brasileira, dos oceanos adjacentes e sobre a inter-relação entre eles, com o objetivo de apresentar o estado da arte acerca do tema e contribuir para o desenvolvimento de estudos da área na ciência geográfica. O principal fenômeno que afeta a variabilidade da chuva na bacia amazônica é o ENOS, contribuindo para períodos mais secos quando da sua fase quente e períodos mais úmidos quando de sua fase fria. Também o Atlântico desempenha papel importante na variabilidade da precipitação, especialmente por modular o posicionamento da ZCIT e o transporte de umidade para a bacia amazônica. Artigos apresentados destacam também a importância de se compreender a retroalimentação entre os fenômenos que se desenvolvem no Pacífico e Atlântico, demonstrando que se trata de processos altamente acoplados e de grande complexidade, tanto no seu funcionamento quanto nos efeitos que causam na hidrologia da bacia amazônica. Pode-se concluir que as teleconexões entre a temperatura da superfície do mar e a variabilidade das chuvas na bacia amazônica constituem um tema de grande pertinência e que várias lacunas do conhecimento ainda precisam ser preenchidas.

  10. Variabilidade climática e qualidade da água do Reservatório Guarapiranga

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sofia Lizarralde Oliver

    2014-12-01

    Full Text Available O objetivo foi verificar correlação entre a presença de cianobactérias como indicadoras da qualidade da água do Sistema Guarapiranga e variáveis climáticas da Região Metropolitana de São Paulo (RMSP. Analisaram-se dados meteorológicos do IAG/USP e análises laboratoriais da água do Reservatório Guarapiranga da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp. Verificou-se a correlação entre densidade de cianobactérias e variáveis meteorológicas. Dados climáticos de 1970 a 2012 indicam aumento de condições climáticas propícias à proliferação de cianobactérias. Conclui-se que há indicações de que a densidade de cianobactérias no reservatório do Sistema Guarapiranga tenha relação com pluviosidade e temperaturas mais elevadas durante o período chuvoso do ano e que a proliferação de cianobactérias pode aumentar caso se mantenha a tendência do clima.

  11. Uso de marcadores moleculares na análise da variabilidade genética em acerola (Malpighia emarginata D.C.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    SALLA MARIA FERNANDA SPEGIORIN

    2002-01-01

    Full Text Available A acerola (Malpighia emarginata é uma frutífera tropical encontrada nativa na América Central e no Norte da América do Sul, sendo de grande importância econômica e social devido ao seu alto conteúdo de vitamina C (ácido ascórbico. Pomares de acerola têm sido preferencialmente estabelecidos por métodos de propagação vegetiva. No entanto, a propagação sexuada por sementes é igualmente utilizada e permite revelar um alto grau de polimorfismo na cultura, possibilitando a identificação de genótipos portadores de características de interesse agronômico. Vinte e quatro acessos de acerola, pertencentes ao Banco Ativo de Germoplasma da Universidade Estadual de Londrina, foram analisados, usando marcadores RAPD (Random amplified Polymorphic DNA e obtidos com iniciadores (primers de seqüência simples repetidas (SSRs. Um total de 164 e 73 marcadores foram obtidos com primers de RAPD e SSR, respectivamente. Os marcadores obtidos foram analisados, usando o método de agrupamentos UPGMA. A análise comparativa dos dendrogramas gerados com os primers de RAPD e com os primers SSR mostrou que, enquanto alguns acessos se associaram em grupos diferentes, outros apresentaram a mesma associação. Entretanto, maior polimorfismo entre acessos foi detectado com os primers de RAPD. A análise dos resultados revelou a alta variabilidade contida na coleção, permitindo associar o grau de similaridade genética, obtido por marcadores de DNA, com caracteres morfológicos compartilhados entre os acessos.

  12. Use of data mining and spectral profiles to differentiate condition after harvest of coffee plants Discriminação de diferentes estados de plantios de café pós-colheita, por meio da técnica de mineração de dados e perfis espectrais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rubens A. C. Lamparelli

    2012-02-01

    Full Text Available This study aimed at identifying different conditions of coffee plants after harvesting period, using data mining and spectral behavior profiles from Hyperion/EO1 sensor. The Hyperion image, with spatial resolution of 30 m, was acquired in August 28th, 2008, at the end of the coffee harvest season in the studied area. For pre-processing imaging, atmospheric and signal/noise effect corrections were carried out using Flaash and MNF (Minimum Noise Fraction Transform algorithms, respectively. Spectral behavior profiles (38 of different coffee varieties were generated from 150 Hyperion bands. The spectral behavior profiles were analyzed by Expectation-Maximization (EM algorithm considering 2; 3; 4 and 5 clusters. T-test with 5% of significance was used to verify the similarity among the wavelength cluster means. The results demonstrated that it is possible to separate five different clusters, which were comprised by different coffee crop conditions making possible to improve future intervention actions.Este trabalho teve o objetivo de identificar diferentes condições na cultura do café, após a colheita, utilizando mineração de dados e curvas espectrais obtidas do sensor Hyperion/EO1.A imagem Hyperion, com resolução espacial de 30 m,foi obtida em 28 de agosto de 2008, fim de safra do café na área de estudo.Como pré-processamentos, foram realizadas a correção atmosférica através do algoritmo Flaash e a correção do sinal/ruído pelo algoritmo MNF (Minimum Noise Fraction Transform. Posteriormente, foram geradas curvas espectrais (38 de 150 comprimentos de onda, que foram analisadas através do algoritmo EM (Expectation-Maximization, considerando simulações de 2; 3; 4 e 5 clusters. Para verificar a igualdade das médias dos comprimentos de onda dos clusters, foi utilizado o teste t, com 5% de significância. Os resultados mostraram que foi possível separar os cafés em cinco diferentes grupos, segundo sua condição p

  13. Variabilidad de la práctica clínica en enfermería, una revisión integradora: an integrative review Variabilidade da prática clínica em enfermagem, uma revisão integrativa Variability of clinical practice in nursing

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Fernández-de-Maya

    2012-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: El objetivo de esta revisión de la literatura es examinar qué se ha publicado sobre variabilidad de la práctica clínica desde el enfoque de la enfermería. MÉTODOS: Se realizó una búsqueda bibliográfica en las principales bases de datos internacionales seleccionando aquellos trabajos más relevantes. RESULTADOS: Los resultados se han agrupado en 5 grupos: estudios sobre variaciones respecto a guías y protocolos, estudios que analizan práctica enfermera y de otros profesionales sanitarios, variaciones en procedimientos y cuidados de enfermería, variaciones en la práctica entre enfermeras y médicos y estudios que relacionan la variabilidad con características de profesionales, unidades o centros sanitarios. CONCLUSIÓN: La mayoría de los trabajos encontrados se han limitado a mostrar la existencia de variabilidad pero pocos han buscado variables que predigan ésta. Futuras investigaciones deberían centrarse en la búsqueda de variables predictivas de la variabilidad para hacer frente a las variaciones injustificadas que se detecten.OBJETIVO: O objetivo desta revisão foi examinar o que foi publicado sobre a variabilidade na prática clínica com base no foco de enfermagem. MÉTODOS: Pesquisa bibliográfica realizada nas principais bases internacionais, seleccionando as obras mais relevantes. RESULTADOS: Os resultados foram agrupados em cinco grupos: estudo sobre as variações com relação às diretrizes e protocolo, estudos que analisam a prática da enfermagem e de outros profissionais de saúde; variações nos procedimentos e cuidados de enfermagem; variações na prática, entre enfermeiros e médicos e estudos de variabilidade relacionada com características de profissionais, unidades ou centros de saúde. CONCLUSÃO: A maioria dos artigos encontrados limitou-se a relatar a existência de variabilidade, mas algunas variáveis que buscou, previam. Futuras investigações devem concentrar-se no encontro de

  14. Método do limiar de variabilidade da frequência cardíaca aplicado em pré-adolescentes obesos e não obesos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mário Augusto Paschoal

    2011-06-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A detecção do limiar anaeróbico (LA pela análise da variabilidade da frequência cardíaca (LiVFC pode significar uma nova maneira de avaliação da capacidade funcional cardiorrespiratória (CFCR em pré-adolescentes. OBJETIVO: Testar o método de LiVFC para detecção do LA em pré-adolescentes não obesos (NO, obesos (O e obesos mórbidas (OM, a fim de determinar diferenças em sua CFCR. MÉTODOS: Foram estudados 30 pré-adolescentes, com idades entre 9 e 11 anos, divididos em três grupos de 10: a grupo NO - índice de massa corpórea (IMC com percentil do National Center for Chronic Disease Prevention and Health Promotion entre 5 e 85; b grupo O - IMC de percentil entre 95 e 97 e c grupo OM - IMC com percentil acima de 97. Todos foram submetidos a um protocolo incremental realizado em esteira rolante e registraram-se os batimentos cardíacos para detecção do LiVFC, que foi determinado pelo valor de 3,0 ms do índice do desvio-padrão 1 (SD1, extraído dos intervalos RR. RESULTADOS: Os valores médios no momento do LiVFC mostraram maiores valores para o grupo NO, destacando-se: a VO2 (ml/kg/min NO = 27,4 ± 9,2; O = 13,1 ± 7,6 e OM = 11,0 ± 1,7; b FC (bpm: NO = 156,3 ± 18,0; O =141,7 ± 11,4 e OM = 137,7 ± 10,4; e c distância percorrida (metros: NO = 1.194,9 ± 427,7; O = 503,2 ± 437,5 e OM = 399,9 ± 185,1. CONCLUSÃO: O LiVFC se mostrou efetivo para avaliação da CFCR e poderá vir a ser aplicado como método alternativo à ergoespirometria em determinadas situações.

  15. Variabilidade da frequência cardíaca e infecções pulmonares pós revascularização miocárdica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo Rogério Corrêa

    2010-10-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A variabilidade da frequência cardíaca (VFC é um método diagnóstico não invasivo usado na avaliação da modulação autonômica do coração. A análise da VFC por métodos de dinâmica não linear no período pré-operatório da cirurgia de revascularização do miocárdio poderia ser preditora de morbidade no pós-operatório, como por exemplo, infecções pulmonares. OBJETIVO: Avaliar o comportamento da VFC pela dinâmica não linear, no período pré-operatório da cirurgia de revascularização do miocárdio e sua relação com a ocorrência de infecções pulmonares no período pós-operatório hospitalar. MÉTODOS: Foram avaliados 69 pacientes (média de idade de 58,6 ± 10,4 anos com doença arterial coronariana e indicação eletiva de cirurgia de revascularização do miocárdio. Para quantificar a dinâmica não linear da VFC, foram realizadas: análise das flutuações depuradas de tendências (DFA, seus componentes de curto (α1 e longo (α2 prazos, entropia aproximada (-ApEn, expoente de Lyapunov (LE, e expoente de Hurst (HE de séries temporais dos intervalos RR do ECG, captados com equipamento Polar S810i, na véspera da operação. RESULTADOS: Nos níveis de corte estipulado pela curva ROC, houve diferença significativa entre os grupos com e sem infecções pulmonares no pós-operatório de revascularização do miocárdio para a DFA total, entropia aproximada e expoente Lyapunov com p = 0, 0309, p = 0,0307 e p = 0,0006, respectivamente. CONCLUSÃO: Os métodos de dinâmica não linear, nos seus respectivos níveis de corte, permitiram diferenciar os casos que evoluíram com infecção pulmonar no pós-operatório de cirurgia de revascularização do miocárdio, sugerindo que, nesse grupo de pacientes, estes métodos podem ter caráter prognóstico.

  16. Análise da variabilidade da frequência cardíaca em cordeiros da raça Bergamácia, do nascimento aos 35 dias de idade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    K. Koether

    2016-08-01

    Full Text Available RESUMO A atividade do sistema nervoso autônomo sobre o coração pode ser verificada pela variabilidade da frequência cardíaca (VFC, método que quantifica e assim infere sobre a modulação autonômica cardíaca, refletindo o funcionamento do sistema nervoso autônomo. Durante o período neonatal, diferenças significativas no que se refere à maturação autonômica são descritas em diversas espécies. Embora a espécie ovina venha sendo utilizada como modelo experimental em diversos protocolos em neonatologia e cardiologia em humanos, estudos descritivos sobre a VFC utilizando animais saudáveis e não sedados são escassos na literatura. O objetivo do estudo foi descrever a VFC em cordeiros da raça Bergamácia durante os primeiros 35 dias de idade. Foram realizados exames eletrocardiográficos em 20 cordeiros da raça Bergamácia a partir do nascimento e semanalmente até o 35° dia de idade. A VFC foi analisada pelo intervalo RR normal (batimentos sinusais, pela frequência cardíaca, pelo índice de tônus vasovagal (iTVV, pela raiz quadrada da média do quadrado das diferenças entre intervalos RR normais adjacentes (RMSSD e pela raiz quadrada da somatória do quadrado das diferenças dos valores individuais em relação ao valor médio, dividido pelo número de iR-R em 90 segundos - VFC global (RMSM. Todos os parâmetros se alteraram ao longo das semanas. A frequência cardíaca média elevou-se entre o nascimento e os primeiros sete dias de idade, com decréscimo nas quatro semanas subsequentes, sendo o menor valor encontrado aos 35 dias de idade (145,63±37,80bpm. Entre 21, 28 e 35 dias de idade, o iTVV elevou-se significativamente, o RMSM a partir do 28º dia, e, aos 35 dias, o RMSSD, reflexo da ativação parassimpática, exibiu diferenças em relação aos momentos subsequentes. O início da predominância parassimpática, refletida nos índices da VFC, particularmente o iTVV, ocorre aos 21 dias de idade. A partir dos 35 dias

  17. Valor prognóstico da variabilidade da frequência cardíaca e da eletrocardiografia ambulatorial em cães Boxer com cardiomiopatia arritmogênica do ventrículo direito

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    P.P.C. Chamas

    Full Text Available RESUMO A cardiomiopatia arritmogênica do ventrículo direito (CAVD é uma importante causa de morte súbita em cães da raça Boxer. A validação de fatores prognósticos para essa doença auxiliaria na detecção de animais mais gravemente afetados e sua exclusão dos programas de reprodução. O objetivo deste estudo foi avaliar o valor prognóstico da presença de manifestações clínicas, dos índices de variabilidade de frequência cardíaca (VFC e das arritmias supraventriculares ou ventriculares registradas à monitorização eletrocardiográfica com Holter na sobrevida de cães Boxer em diferentes estágios da CAVD. Essas variáveis foram analisadas, de forma prospectiva, em 69 cães Boxer, divididos em cinco grupos: cães Boxer controle (grupo CB, 300 VPC/24 horas, n=19, cães Boxer com CAVD e disfunção sistólica sem insuficiência cardíaca congestiva (grupo SDB sem ICC, n=6 e com ICC (grupo SDB com ICC, n=8. A análise estatística compreendeu teste ANOVA, correlação de Pearson e análise de riscos proporcionais de Cox. Comparando-se com o grupo CB, não foi encontrada diminuição nos índices de VFC nos grupos SB, ARVC ou SDB sem ICC; por outro lado, o grupo SDB com ICC apresentou diminuição desses índices. Não houve relação entre os índices de VFC e a morte de origem cardíaca; porém, a presença de síncopes com ou sem sinais clínicos de ICC e o número de episódios de taquicardia ventricular (TV correlacionaram-se com a sobrevida dos animais. Estes resultados permitem concluir que a presença de sinais clínicos de ICC, a presença de síncopes e o número de TV ao Holter apresentam valor prognóstico de sobrevida em cães Boxer com CAVD.

  18. VARIABILIDADE DE CARACTERíSTICAS FÍSICAS E QUÍMICAS DE FRUTOS DE GERMOPLASMA DE BACURI DA REGIÃO MEIO-NORTE DO BRASIL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    SOUZA VALDOMIRO AURÉLIO BARBOSA DE

    2001-01-01

    Full Text Available Este trabalho teve como objetivo avaliar as características físicas e químicas de frutos de bacuri coletados de plantas matrizes de ocorrência na região Meio-Norte. As características analisadas foram: comprimento, largura e peso médio de fruto; peso médio de polpa; relação comprimento/largura, espessura de casca; percentagem de casca; percentagem de polpa; percentagem de sementes; número de sementes/fruto; número de secção partenocárpica/fruto; teor de sólidos solúveis totais; acidez total titulável e relação sólidos solúveis totais/acidez total titulável. Os frutos foram coletados de 26 plantas matrizes de bacuri mapeadas em nove locais de coleta no Piauí e Maranhão. Efetuou-se a avaliação das características físicas e químicas no Laboratório de Fisiologia Vegetal da Embrapa Meio-Norte, em Teresina-PI, utilizando-se de amostras de frutos de tamanho variável em função da disponibilidade de produção. Foi evidenciado o efeito significativo de local de coleta e de matrizes para todas as características estudadas, à exceção do número de secção partenocárpica/fruto para o qual não houve efeito de local de coleta. As características peso médio de fruto e peso médio de polpa; peso médio de fruto e largura de fruto; peso médio de polpa e largura de fruto; comprimento de fruto e espessura de casca; comprimento de fruto e percentagem de casca; espessura de casca e percentagem de casca, e peso médio de fruto e comprimento de fruto apresentaram altos valores de correlações fenotípicas (rP > ou = 0,85. Estimativas de repetibilidade, variando de 0,50 (percentagem de polpa a 0,98 (acidez total titulável, indicaram ampla variabilidade das características analisadas em relação ao efeito do ambiente permanente.

  19. Variabilidade espacial e temporal da vegetação em pastos de capim braquiária diferidos Spatial and temporal variability of vegetation on deferred signalgrass pastures

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Manoel Eduardo Rozalino Santos

    2010-04-01

    Full Text Available Avaliou-se a variabilidade espacial e temporal de características descritoras da condição de pastos diferidos de Brachiaria decumbens cv. Basilisk (capim-braquiária. Os tratamentos consistiram de combinações dos períodos de diferimento da pastagem (73, 103, 131 e 163 dias com os períodos de pastejo (29, 57 e 85 dias. Utilizou-se esquema de parcelas subdivididas e delineamento em blocos casualizados com duas repetições. Foi determinada a dispersão dos valores de altura do pasto, altura da planta estendida e do índice de tombamento do pasto. A variabilidade espacial da altura do pasto aumentou de forma linear com o período de diferimento, porém não foi influenciada pelo período de pastejo. O coeficiente de variação da altura da planta estendida diminuiu linearmente em pastos submetidos aos maiores períodos de diferimento e não foi afetado pelo período de pastejo. A variabilidade do índice de tombamento, no entanto, apresentou resposta quadrática ao período de diferimento, com ponto de máximo correspondente ao coeficiente de variação de 38,25% aos 130 dias. Em pastagens diferidas por curto período (73 dias, ocorreu variação negativa do coeficiente de variação durante o período de pastejo. Pastos de capimbraquiária sob diferimento por longos períodos possuem maior variabilidade da altura do pasto e menor heterogeneidade da altura da planta estendida. Além do efeito temporal, ocorre grande variabilidade espacial nas pastagens de capim-braquiária diferidas.It was evaluated spatial and temporal variability of status descriptive characters of Brachiaria decumbens (signalgrass cv. Basilisk deferred pastures. Treatments consisted of combinations of pasture deferring periods (73, 103, 131 and 163 days with grazing periods (29, 57 and 85 days. Randomized block design with two repetitions and subdivided plots was used. It was determined the dispersion of pasture height (PH, stretched plant height (SPH and falling index

  20. Variabilidade da frequência cardíaca em mulheres com hipermobilidade articular Heart rate variability in women with joint hipermobility

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mariane de Oliveira Nunes

    2011-09-01

    Full Text Available A hipermobilidade é a capacidade de desempenhar movimentos articulares com amplitude maior que o normal. A prevalência possui variações determinadas pela etnia, sexo, idade, atividade física e variações nos critérios de caracterização. Aproximadamente 30% dos adultos são portadores e apresentam feedback proprioceptivo, sensorial diminuído e espacial alterado da articulação levando a maior frequência de ativação e deformação dos mecanorreceptores nos músculos esqueléticos e na pele. O aumento dos impulsos aferentes dos mecanorreceptores sobre a área cardiovascular no bulbo altera o controle autonômico sobre o coração. O objetivo do estudo foi avaliar o balanço simpatovagal durante manobra de ortostatismo em mulheres com hipermobilidade. Participaram do estudo 27 voluntárias, com 19,97±1,79 anos, índice de massa corpórea abaixo de 25 kg/m², sedentárias e sem uso de medicação. Após diagnóstico da hipermobilidade articular, segundo o escore de Beighton, foram divididas em 2 grupos: 12 hipermóveis (GH e 15 não hipermóveis (GC. O eletrocardiograma foi realizado durante 10 minutos em supino e em pé para análise da variabilidade da frequência cardíaca. A banda de alta frequência (un apresentou diminuição da atividade vagal no GH, pJoint hypermobility is the ability to make joint movements greater than normal. The prevalence has large variations determined by race, sex, age, physical activity and variations in characterization criteria. Approximately 30% of adults are considered carriers and present proprioceptive feedback and sensory decreased and joint space positioning altered leading to greater frequency of activation and deformation on the mechanoreceptors in the skeletal muscles and skin. The increase of afferent impulses of the receptors on the bulb cardiovascular area alters the autonomic control on the heart. The objective of the study was to evaluate sympathovagal balance during orthosthatic

  1. Variabilidade local e regional da evapotranspiração estimada pelo algoritmo SEBAL Local and regional variability of evapotranspiration estimated by SEBAL algorithm

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luis C. J. Moreira

    2010-12-01

    Full Text Available Em face da importância em conhecer a evapotranspiração (ET para uso racional da água na irrigação no contexto atual de escassez desse recurso, algoritmos de estimativa da ET a nível regional foram desenvolvidos utilizando-se de ferramentas de sensoriamento remoto. Este estudo objetivou aplicar o algoritmo SEBAL (Surface Energy Balance Algorithms for Land em três imagens do satélite Landsat 5, do segundo semestre de 2006. As imagens correspondem a áreas irrigadas, floresta nativa densa e a Caatinga do Estado do Ceará (Baixo Acaraú, Chapada do Apodi e Chapada do Araripe. Este algoritmo calcula a evapotranspiração horária a partir do fluxo de calor latente, estimado como resíduo do balanço de energia na superfície. Os valores de ET obtidos nas três regiões foram superiores a 0,60 mm h-1 nas áreas irrigadas ou de vegetação nativa densa. As áreas de vegetação nativa menos densa apresentaram taxa da ET horária de 0,35 a 0,60 mm h-1, e valores quase nulos em áreas degradadas. A análise das médias de evapotranspiração horária pelo teste de Tukey a 5% de probabilidade permitiu evidenciar uma variabilidade significativa local, bem como regional no Estado do Ceará.In the context of water resources scarcity, the rational use of water for irrigation is necessary, implying precise estimations of the actual evapotranspiration (ET. With the recent progresses of remote-sensed technologies, regional algorithms estimating evapotranspiration from satellite observations were developed. This work aimed at applying the SEBAL algorithm (Surface Energy Balance Algorithms for Land at three Landsat-5 images during the second semester of 2006. These images cover irrigated areas, dense native forest areas and caatinga areas in three regions of the state of Ceará (Baixo Acaraú, Chapada do Apodi and Chapada do Araripe. The SEBAL algorithm calculates the hourly evapotranspiration from the latent heat flux, estimated from the surface energy

  2. Variabilidade espacial da salinidade de um solo aluvial no semi-árido Paraibano Spatial variability of soil salinity in an alluvial soil of the semi-arid region of Paraíba state

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lázaro Costa de Souza

    2000-04-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi estudar a variabilidade espacial do pH da pasta de saturação (pHps, condutividade elétrica do extrato de saturação (CEes e porcentagem de sódio trocável (PST de um solo aluvial afetado por sais. Foram coletadas amostras de solo nas camadas 0-20, 20-40 e 40-60 cm, numa área do Projeto de Irrigação Capoeira, localizado em São José do Bonfim, Estado da Paraíba, utilizando-se um esquema sistemático de amostragem numa malha regular de 10 x 15 m. Os dados foram analisados através da estatística descritiva e geoestatística. Verificou-se baixa variabilidade para o pHps (CV 60 %. Modelos esférico e gaussiano foram ajustados aos semivariogramas das variáveis que apresentaram estrutura de dependência espacial, tendo-se obtido alcances variando de 20 a 40 m. Os mapas de isolinhas da combinação da CEes e PST permitiram visualizar o padrão de variabilidade da salinidade e sodicidade, constituindo-se em uma ferramenta para a definição de estratégias de manejo edáfico e recuperação da área afetada.The objective of this work was to study the spatial variability of pH of saturation paste (pHsp, the electrical conductivity of saturation extract (ECe and the exchangeable sodium percentage (ESP in an alluvial salt affected soil. Soil samples were collected in 0 - 20, 20 - 40 and 40 - 60 cm depths, in an area of the Irrigation Project of Capoeira, located in São José do Bonfim - Paraíba (Brazil, following a systematic scheme of sampling in a 10 x 15 m mesh. The data were analyzed through the descriptive statistics and geostatistics. Low variability was observed for the pHsp (CV 60%. Spherical and gaussian models were adjusted to the experimental semivariograms of the variables that presented a spatial dependence structure. Structures of spatial dependence, with range varying from 20 to 40 m were observed. The maps of isohypsas of the combination of ECe and ESP allowed the visualization of the pattern of

  3. Efeito da respiração diafragmática sobre a variabilidade da frequência cardíaca na doença cardíaca isquêmica com diabete Efecto de la respiración diafragmática sobre la variabilidad de la frecuencia cardiaca en la enfermedad cardiaca isquémica con diabetes Effect of diaphragmatic breathing on heart rate variability in ischemic heart disease with diabetes

    OpenAIRE

    Anupama Bangra Kulur; Nagaraja Haleagrahara; Prabha Adhikary; P. S. Jeganathan

    2009-01-01

    FUNDAMENTO: A diminuição da variabilidade da frequência cardíaca (VFC) está associada com um prognóstico desfavorável em pacientes com doença cardíaca isquêmica (DCI) e diabete. Ainda não foi provado em definitivo se a mudança no padrão respiratório pode modificar o fator de risco nesses pacientes. OBJETIVO: Avaliar o efeito da respiração diafragmática sobre a VFC em pacientes diabéticos com DCI. MÉTODOS: A população do estudo consistiu em 145 pacientes do sexo masculino selecionados ao acaso...

  4. Relação do padrão sazonal da vegetação com a precipitação na região de cerrado da Amazônia Legal, usando índices espectrais de vegetação Relationship between vegetation seasonal pattern and precipitation in the cerrado region by spectral vegetation indexes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jorge Alberto Bustamante Becerra

    2009-06-01

    Full Text Available A precipitação é um dos principais fatores que determina a dinâmica sazonal da vegetação na região de savanas tropicais, como é o caso do cerrado brasileiro. Neste trabalho foram analisadas as relações da precipitação sazonal, com o comportamento sazonal das classes de uso e cobertura da terra (UCT, principalmente as fisionomias de cerrado do Estado de Tocantins. Foi analisada a dinâmica sazonal do cerrado, incluindo áreas florestadas e não florestadas, a partir da análise de imagens do MODIS/TERRA IV (Índices de Vegetação de janeiro a dezembro de 2004, bem como dados diários de precipitação de 2004 e uma série de precipitação diária do período de 1969 a 2005. Os resultados da análise de precipitação mostram que a área de estudo apresentou uma alta sazonalidade, com estação seca de maio a setembro. As análises dos IV mostram que a dinâmica sazonal das formações de cerrado é similar àquela das áreas convertidas para outros usos. O padrão sazonal das classes de UCT segue os padrões da precipitação, cujos menores valores foram registrados no mês de agosto de 2004, mês este que apresentou os menores valores dos IV. Diferentemente das demais classes de UCT, a formação florestal não se ajustou ao padrão de precipitação, apresentando valores de IV similares ao longo do ano com leve decréscimo no mês de setembro de 2004.Precipitation is one of the main factors that determine the seasonal dynamics of the vegetation in tropical savanna areas, as the Brazilian cerrado. In this work the relationship of the seasonal precipitation with the seasonal behavior of the land use and land cover (LULC types, mainly savannah physiognomies of the Tocantins State, was investigated. We analyzed the savanna seasonal dynamics, including forest and converted areas, with MODIS/TERRA VI (vegetation indexes satellite measurements from January to December 2004 and daily precipitation of 2004 and daily precipitation series

  5. Estudo da variabilidade do NDVI sobre o Brasil, utilizando-se a análise de agrupamentos Study of NDVI variability in Brazil using cluster analysis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Helen da C. Gurgel

    2003-04-01

    Full Text Available Este trabalho analisa a variabilidade do NDVI (Índice de Vegetação por Diferença Normalizada sobre o Brasil, utilizando-se a análise de agrupamentos. As análises foram feitas através de imagens do sensor Advanced Very High Resolution Radiometer (AVHRR para o período de janeiro de 1982 a dezembro de 1993. Os resultados obtidos mostram que na região Amazônica o ciclo anual do NDVI não é bem definido, visto que o máximo tipicamente ocorre em junho, dois meses após o período chuvoso, enquanto o mínimo se dá em dois períodos distintos: entre fevereiro e março e setembro e novembro. Na região central do Brasil, o cerrado apresenta um ciclo anual definido, com valores máximos de NDVI entre março e maio, e mínimos em setembro, final do período seco. Por outro lado, a vegetação das regiões da zona da mata nordestina e dos campos de Roraima apresentam um ciclo anual nítido, sendo que os maiores valores de NDVI ocorrem em junho e julho e os menores entre fevereiro e março, alguns meses antes do início das chuvas. No caso da região nordeste do Brasil, a caatinga mostra um ciclo anual bem definido, com um período seco marcante, sendo que os valores mais elevados de NDVI ocorrem entre os meses de abril e maio, que é o final da época das chuvas, e os menores em setembro e outubro. Em parte do Estado de Santa Catarina e no sul do Paraná, o ciclo anual das formações vegetais dominantes (floresta ombrófila aberta e floresta ombrófila mista não é muito nítido. No sul do Brasil, a região de estepes não apresenta ciclo anual nítido, os valores máximos de NDVI geralmente ocorrem entre março e junho e os valores mínimos no mês de agosto. Além disso, constatou-se que os eventos El Niño, independente da sua intensidade, afetam distintamente os vários tipos de vegetação.This paper deals with vegetation cover variability in Brazil using cluster analysis. The study was done using NDVI (Normalized Difference Vegetation

  6. Planejamento de cenários e amplificação da variabilidade da demanda Planning scenarios and amplification of variability demand

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marina Dais de Faria

    2011-12-01

    Full Text Available Este caso para ensino foi elaborado a partir dos problemas enfrentados pela DELTA, líder no mercado brasileiro de controle de pragas urbanas, a partir da epidemia de dengue do verão de 2007/2008, quando as vendas de inseticidas e repelentes pelos players do setor atingiram volumes significativamente superiores às expectativas. Falhas na previsão de demanda causaram escassez de produtos nos pontos de venda, desgastes no relacionamento da empresa com seus revendedores, dificuldades nas unidades de produção e também perda de participação de mercado da DELTA e da vice-líder GAMA para marcas alternativas. A natureza dos problemas levantados sugere questionamentos que envolvem a estrutura da indústria e a constituição da arena do mercado, bem como decisões de governança, gestão e gerência envolvidas na configuração do próprio negócio. Construída a partir de dados coletados por meio de pesquisa bibliográfica, investigação documental e técnicas de observação direta, a narrativa se desdobra a partir das idéias de incerteza, transformação organizacional e integração, proporcionando possibilidades de aproveitamento do caso em disciplinas de Estratégia, Marketing, Produção e Ética, preferencialmente em cursos de graduação ou em matérias básicas de programas de pós-graduação.This case was based on the problems facing the Delta, a leader in the Brazilian urban pest control, from the dengue epidemic in the summer of 2007/2008, while sales of insecticides and repellants by industry players reached volumes significantly higher than expectations. Failures in forecasting demand caused shortages of products to sell, wear the company's relationship with its dealers, difficulties in production and also loss of market share from DELTA and GAMMA deputy leader for alternative brands. The nature of the problems suggests questions involving the structure of industry and the establishment of the marketing arena, as well as

  7. Variabilidade espacial da textura de um Argissolo Vermelho Amarelo sob cultivo de pastagem e vegetação nativa Spatial variability of the texture in a Red-Yellow Ultisol under pasture and nature vegetation crop

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Julião Soares de Souza Lima

    2009-12-01

    Full Text Available O conhecimento da variabilidade espacial dos atributos de um solo sob diferentes coberturas auxilia o estudo das alterações ocorridas em razão do manejo. O objetivo deste trabalho foi determinar, com uso da estatística clássica e geoestatística, a variabilidade espacial das frações texturais de um solo cultivado com pastagem e vegetação nativa. Amostras de solo foram coletadas na profundidade de 0-0,20m, nos pontos de cruzamento de uma malha, com intervalos regulares de 10m, totalizando 64 pontos em cada área. Na área de pastagem, as frações areia grossa e total apresentaram valores médios maiores em relação à vegetação nativa e correlações negativas com as altitudes dos pontos amostrais nas duas áreas. Todas as frações texturais apresentaram dependência espacial de moderada a alta nas duas áreas e com o patamar definido, com exceção da areia fina e do silte na pastagem. Grande parte dessa variabilidade ocorre em função da erosão hídrica.The study of the spatial variability of soil attributes under different crop helps the study of changes due the management. This research was carried out to determine spatial variability the particle-size distribution, using of the classic statistic and geostatistics, of a soil cultivated with pasture and native vegetation. Soil samples were collected in the layer 0-0.20m, at the crossing points of a regular grid with 10m-intervals, summing up 64 samples points in each area. In the pasture area the fractions of coarse and total sand presented larger mean values in relation to the native vegetation, and negative correlation with the altitude of the points samples in the two areas. All of the fractions presented moderate to high spatial dependence in the two areas and with the defined still, with exception of the fine sand and the silt in the pasture. Much of this variability occurs as a function of water erosion.

  8. Variabilidade da água disponível de uma terra roxa estruturada latossólica Available soil-water variability of a "terra roxa estruturada latossólica" (rhodic kanhapludalf

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    S.O. Moraes

    1993-12-01

    Full Text Available A partir de 250 curvas de retenção da água no solo, elaboradas com amostras indeformadas coletadas de uma área de 6250 m² de uma Terra Roxa Estruturada Latossólica de Piracicaba,SP, foram calculados quatro conjuntos de valores de água disponível assumindo-se -1x10³, -6x10³, -1x10(4 e -3x10(4 Pa como possíveis valores de potencial mátrico correspondentes à capacidade de campo e -1,5x10³ Pa um possível valor correspondente ao ponto de murchamento permanente. Foram feitas medidas de posição (média, variabilidade (coeficiente de variação, assimetria e curtose e numero necessário de amostras para estimar a média a um dado nível de probabilidade a fim de quantificar a variabilidade e a sensibilidade dos resultados em cada conjunto e entre conjuntos de valores de água disponível. A análise dos resultados mostrou que a variabilidade da água disponível, obtida à partir de dois valores de umidade da Curva de Retenção é muito maior que a variabilidade de cada valor individualmente. Ou seja, embora as variáveis envolvidas possam ser as mesmas, o grau de variabilidade (expresso, por exemplo, pelo coeficiente de variação ou a sensibilidade das medidas (expressa pelo número necessário de amostras para estimar a média dentro de um determinado intervalo de confiança pode ser bem distinto, indicando que nem sempre resultados de uma amostragem realizada com determinado objetivo poderá servir a outros, embora possam tratar-se de variáveis dependentes.From 250 soil-water retention curves of an area of 6250 m² of a "Terra Roxa Estruturada Latossólica" (Rhodic Kanhapludalf located in Piracicaba,SP, four sets of available soil-water were calculated assuming field capacity values based on soil-water contents corresponding to -1x10³, -6x10³, -1x10(4 and -3x10(4 Pa of soil water matric potential; and permanent wilting point based on soil-water contents corresponding to -1,5x10(6 Pa. Aiming to quantify the variability and the

  9. Variabilidade temporal da precipitação mensal e anual na estação climatológica de Uberaba-MG Temporal variability of monthly rains in the climatological station of Uberaba-MG, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Waldemar da Silva

    2003-06-01

    Full Text Available A análise da variabilidade espacial e da variabilidade temporal de atributos naturais vem recebendo destaque nos últimos tempos, devido à possibilidade de se realizar estimativas com maior precisão, destacando-se entre esses atributos a precipitação pluviométrica. Objetivou-se com este trabalho estudar o comportamento temporal das chuvas mensais na Estação Climatológica de Uberaba - MG, utilizando-se a série das precipitações pluviais mensais e anuais de 1914 a 2000. Os dados referentes à Estação Climatológica de Uberaba - Estação Experimental Getúlio Vargas - foram obtidos no Laboratório de Climatologia e Recursos Hídricos do Instituto de Geografia - Universidade Federal de Uberlândia. Realizou-se análise exploratória dos dados por meio de algumas estatísticas, como média aritmética, desvio-padrão, valores máximos e valores mínimos e histogramas. A análise de variabilidade temporal foi feita por meio de semivariâncias. Verificou-se uma tendência à normalidade nos meses correspondentes ao período de outubro a março e assimetria no período de abril a setembro. Observou-se a presença do efeito pepita puro, não constatando-se dependência temporal e, conseqüentemente, estudos e inferências estatísticas podem ser realizados com base em métodos da estatística não espacial.The purpose of this work was to verify the temporal dependence of monthly rainfall in the climatological station of Uberaba-MG, Brazil, using geostatistical methods. It was evaluated the precipitation in series of rainfall monthly data from 1914 to 2000. It were done exploratory and geostatistical analysis. The exploratory analysis was made by calculating basic statistics and histograms and the geostatistical analysis was made by semivariogram. According to the results, a normality tendence was verified in months from october to march. From april to September, it was verified an asymmetric tendence. Semivaviograms showed the nugget

  10. Biomonitoramento passivo com casca de aroeira vermelha (Myracrodruon urundeuva Lorenzi Harri para verificar a variabilidade espacial da poluição atmosférica em uma região do Distrito Federal, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cleide Moura dos Santos

    2014-12-01

    Full Text Available O biomonitoramento é uma técnica alternativa que utiliza organismos vivos para verificar mudanças no meio ambiente ocasionadas pela poluição da água, ar e solo. Tendo como foco as emissões atmosféricas localizadas na região da Fercal no Distrito Federal, o presente estudo objetivou coletar amostras de casca da árvore da espécie Myracrodruon urundeuva para verificar a variabilidade espacial dos elementos químicos presentes na área de estudo. A análise de componente principal (PCA permitiu agrupar os elementos em três fatores, distribuídos no fator 1: Zn, Fe, Al, S e Ba; no fator 2: Cu, P, Ca e Sr; e no fator 3: Mg e K. O fator 1 é o que melhor descreve o objeto de pesquisa. Este estudo permitiu demonstrar a viabilidade do método de biomonitoramento com casca de aroeira vermelha (Myracrodruon urundeuva como instrumento de mensuração da poluição atmosférica.

  11. Spatial variability of the rainfall erosivity in southern region of Minas Gerais state, Brazil Variabilidade espacial da erosividade da chuva na região sul de Minas Gerais, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Regimeire Freitas Aquino

    2012-10-01

    do uso local da terra. Para tanto, determinou-se o fator erosividade para séries de precipitação pluviométrica, utilizando dados de precipitações obtidas junto à Agencia Nacional de Água - ANA, constituindo-se séries históricas que variaram de 15 a 40 anos. Os índices de erosividade mensais e anuais foram obtidos, utilizando a equação de Fournier utilizada em Lavras, MG e a variabilidade espacial da erosividade foi realizada com base nos princípios da geoestatística, considerando-se apenas a distância que os separa, construindo-se o semivariograma experimental isotrópico. O ajuste do semivariograma foi realizado com base no método dos Mínimos Quadrados Ponderados e no grau de dependência espacial. Definida a estrutura e o ajuste do semivariograma passou-se à fase de geração dos mapas de krigagem, gerando o comportamento espacial das erosividades, na região Sul de Minas Gerais. Observou-se que a região Sul de Minas Gerais apresenta elevados padrões de erosividade, com amplitude de 5.145 a 7.776 MJ mm ha-1 h-1 ano-1, para Ijaci (região norte e Itajubá (região sul, respectivamente. Os índices de erosividade da região do Sul de Minas Gerais foram considerados elevados e com forte influência da topografia, associados às características climáticas. Maiores erosividades estão associadas às áreas de maior altitude, como ao longo da Serra da Mantiqueira e em planaltos e serras elevadas no centro-norte da região. A abordagem geoestatística com dados de longo prazo de chuva para a região Sul de Minas Gerais, que é uma região relativamente heterogênea em termos de altitude, profundidade do solo e declive, mostrou-se adequada à proposta do presente estudo.

  12. Spatial variability of soil acidity attributes and the spatialization of liming requirement for corn Variabilidade espacial de atributos de acidez do solo e espacialização da necessidade de calagem para o milho

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sandro Manuel Carmelino Hurtado

    2009-10-01

    Full Text Available In Brazil, technicians, in most cases, ignore the aspects related to the spatial variability of the soil acidity attributes when liming requirement is calculated. The objective of this study was to validate the liming practice, evaluating the presence of spatial variability of the soil acidity attributes and the existence of areas with differentiated liming requirement, which were calculated by different methods. The experiment was carried out in an area cultivated with corn under conventional management and irrigation. The soil (0-0.2 m was sampled in a conventional way (composite soil sample and in a systematic scheme, by use of a grid sampling. In sequence to the soil fertility attributes analysis, it was calculated the liming requirement, according to the methods of SMP pH, aluminum neutralization and elevation of soil Ca and Mg levels, and increase of the soil base saturation. After the descriptive analysis of the data set was accomplished, the semivariograms were calculated and the maps were obtained through the kriging technique. Absence of spatial dependence, as well as the non necessity of limestone application, was observed for the Al neutralization calculation method. Spatial dependence was only verified for the soil acidity attributes and to the liming requirement calculated by the base saturation and SMP pH methods; for these two methods, the semivariogram ranges obtained varied from 35.7 to 200.5 m. The results have highlighted the existence of differentiated liming requirement zones when the variability of the soil acidity attributes was considered in the calculation of the dose and type of limestone to be used for corn soil acidity correction.No Brasil, a prática de calagem desconsidera, na maioria das vezes, os aspectos relacionados à variabilidade espacial dos atributos de acidez do solo. Objetivou-se, neste estudo, validar a prática da calagem, avaliando a presença de variabilidade espacial de atributos de acidez do solo e

  13. Spatial variability of parameters of the van Genuchten equation in a Latossolo Vermelho-Amarelo = Variabilidade espacial dos parâmetros da equação de van Genuchten em um Latossolo Vermelho-Amarelo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jaedson Cláudio Anunciato Mota

    2017-06-01

    Full Text Available The knowledge of the spatial variability of the van Genuchten equation parameters is important for the interpretation of certain indicators of soil physical quality, since some indices derived from the soil water retention curve. Assuming that even in considered homogeneous area there is different spatial variability of parameters of this equation, aimed evaluate the spatial variability of parameters θs, θr, α, m and n in a Latossolo Vermelho-Amarelo. For this study were established 60 sampling points with distance apart of five meters, in a grid of 10 x 6 points (50 x 30 m. Soil samples were collected with preserved structure, in steel rings with dimensions of 0.05 m high and 0.05 m in diameter, with five replicates collected at a depth of 0.80 m, totaling 300 samples. Was evaluated the attributes grain size, particle density, soil bulk density and soil water retention curve. The soil water retention curve was constructed considering the points 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9 and 10 kPa (in the Haines funnel and 30, 50, 70 and 100 kPa (in the Richards extractor. The data were adjusted to the van Genuchten model (1980 with the program Table Curve 2D, trial version 5.01, including for extrapolation of residual moisture. The parameters of the van Genuchten equation were analyzed for spatial variability with use relative difference technique. It was concluded that although of the uniformity in the texture and bulk density, the parameters of the van Genuchten equation vary spatially so that there is no single sample point representing the average value of θs, θr, α, m and n. = O conhecimento da variabilidade espacial dos parâmetros da equação de van Genuchten é importante para a interpretação de determinados indicadores de qualidade física do solo, uma vez que alguns índices derivam da curva característica da água no solo. Partindo da hipótese de que mesmo em área considerada homogênea há variabilidade espacial distinta para os par

  14. Análise da variabilidade genética de Alphitobius diaperinus utilizando marcadores moleculares de DNA - doi: 10.5102/ucs.v8i2.1141

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo Roberto Queiroz Silva

    2011-04-01

    Full Text Available Alphitobius diaperinus (Panzer, 1797 é uma espécie cosmopolita originária do continente africano encontrada em grande quantidade em cama de frango causando problemas sanitários e econômicos, afetando a saúde e o crescimento das aves e atuando também como transmissor de doenças. Indivíduos A. diaperinus originários de três localidades da região sul do Brasil foram analisados molecularmente por meio da técnica de RAPD. Para isso foi adaptada uma metodologia para extração de DNA e testados os iniciadores decaméricos OPA-03, OPA-04, OPA-10, OPA-11 e OPA-13. O protocolo de extração de DNA que foi adaptado produziu fragmentos de DNA para a análise das populações de cascudinho originárias da região sul do Brasil por RAPD. Foi encontrada alta variabilidade genética entre as populações de cascudinho. Além disso, sugere-se que indivíduos de A. diaperinus ocorrendo no Paraná possam ter se deslocado para os estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

  15. Spatial variability of leaf wetness duration in a 'Niagara Rosada' vineyard Variabilidade espacial da duração do período de molhamento em vinhedo de 'Niagara Rosada'

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jorge Lulu

    2008-03-01

    Full Text Available Despite considerable efforts to develop accurate electronic sensors to measure leaf wetness duration (LWD, little attention has been given to studies about how is LWD variability in different positions of the crop canopy. In order to evaluate the influence of 'Niagara Rosada' (Vitis labrusca grapevine structure on the spatial variability of LWD, the objective of this study was to determine the canopy position of the ‘Niagara RosadaÂ’ table grape with longer LWD and its correlation with measured standard LWD over turfgrass. LWD was measured in four different canopy positions of the vineyard (sensors deployed at 45º with the horizontal: at the top of the plants, with sensors facing southwest and northeast (Top-SW and Top-NE, and at the grape bunches height, with sensors facing southwest and northeast (Bottom-SW and Bottom-NE. No significant difference was observed between the top (1.6 m and the bottom (1.0 m of the canopy and also between the southwest and northeast face of the plants. The relationship between standard LWD over turfgrass and crop LWD in different positions of the grape canopy showed a define correlation, with R² ranging from 0.86 to 0.89 for all period, from 0.72 to 0.77 for days without rain, and from 0.89 to 0.91 for days with rain.Apesar dos esforços consideráveis para se desenvolverem sensores eletrônicos acurados para medir a duração do período de molhamento (DPM, pouca atenção tem sido dada às pesquisas sobre a variabilidade da DPM no interior do dossel das culturas. A fim de avaliar a influência da estrutura da cobertura vegetal da videira 'Niagara Rosada' (Vitis labrusca na variabilidade espacial da DPM, o objetivo do presente estudo foi determinar a posição da videira com a maior DPM e sua relação com a DPM medida em condição-padrão (no gramado. Para tanto, a DPM foi medida em quatro diferentes posições da planta, com os sensores inclinados em 45º em relação à horizontal: topo da planta

  16. Variabilidade espacial da agregação do solo avaliada pela geometria fractal e geoestatística Spatial variability of soil aggregation evaluated by fractal geometry and geostatistics

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    J. R. P. Carvalho

    2004-02-01

    Full Text Available Este trabalho teve por objetivo explorar a aplicabilidade da teoria de fractais no estudo da variabilidade espacial em agregação de solo. A geometria de fractais tem sido proposta como um modelo para a distribuição de tamanho de partículas. A distribuição do tamanho de agregados do solo, expressos em termos de massa, é apresentada. Os parâmetros do modelo, tais como: a dimensão fractal D, medida representativa da fragmentação do solo (quanto maior seu valor, maior a fragmentação, e o tamanho do maior agregado R L foram definidos como ferramentas descritivas para a agregação do solo. Os agregados foram coletados em uma profundidade de 0-10 cm de um Latossolo Vermelho distrófico típico álico textura argilosa, em Angatuba, São Paulo. Uma grade regular de 100 x 100 m foi usada e a amostragem realizada em 76 pontos nos quais se determinou a distribuição de agregados por via úmida, usando água, álcool e benzeno como pré-tratamentos. Pelo exame de semivariogramas, constatou-se a ocorrência de dependência espacial. A krigagem ordinária foi usada como interpolador e mapas de contorno mostraram-se de grande utilidade na descrição da variabilidade espacial de agregação do solo.This work explored the applicability of the fractal theory for studies into space variability of soil aggregation. Fractal geometry has become a model for soil size particle distribution. The distribution of soil aggregates in terms of its mass was obtained, and model parameters such as the fractal dimension D, which is a representative measure of the soil fragmentation (the larger its value, the larger the fragmentation, and the largest aggregate size R L were defined as descriptive tools for soil aggregation. The aggregates were collected at a depth of 0-10 cm of a Clayey Ferrasol in Angatuba, São Paulo. A regular grid of 100 x 100 m was used and samples collected from 76 points, where the aggregate distribution was determined by humid way (water

  17. Análise da variabilidade da freqüência cardíaca em pacientes hipertensos, antes e depois do tratamento com inibidores da enzima conversora da angiotensina II Analysis of heart rate variability in hypertensive patients before and after treatment with angiotensin II-converting enzyme inhibitors

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antônio da Silva Menezes Júnior

    2004-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Comparar a variabilidade de freqüência cardíaca em indivíduos normotensos e hipertensos e observar o comportamento do sistema nervoso autônomo após terapia com inibidores da enzima conversora de angiotensina II. MÉTODO: Estudados 286 pacientes com diagnóstico de hipertensão arterial, pela 1ª vez, e divididos em 4 grupos, conforme a pressão arterial diastólica (PAD: grupo A - PAD110 mmHg. Os pacientes do grupo A (normais e do grupo C (HA moderada, somando 110 e 79 pacientes, respectivamente, submeteram-se ao Holter-ECG 24h com análise de variabilidade de freqüência cardíaca no domínio do tempo (DT e no domínio da freqüência (DF. O grupo C foi tratado com inibidores da ECA durante 3 meses, e após esse período novamente avaliado com Holter-ECG 24h e variabilidade da freqüência cardíaca, e os valores comparados com os normotensos. RESULTADOS: Os parâmetros SDNN, PNN50 (DT e o espectro LF (DF foram significativamente diferentes para os dois grupos, com valores notadamente diminuídos em hipertensos (pOBJECTIVE: To compare heart rate variability in normotensive and hypertensive individuals and to observe the behavior of the autonomic nervous system after treatment with angiotensin II-converting enzyme inhibitors. METHOD: The study comprised 286 patients diagnosed with arterial hypertension (AH for the first time and divided into 4 groups according to diastolic blood pressure (DBP levels: group A - DBP110 mmHg. Group A (110 healthy individuals and group C (79 patients with moderate AH underwent 24-hour Holter-ECG with analysis of heart rate variability in time domain (TD and frequency domain (FD. The group C patients were treated with ACE inhibitors for 3 months, and, after this period, they underwent a new 24-hour Holter-ECG study for assessing heart rate variability, the values being compared with those of normotensive individuals. RESULTS: The SDNN and PNN50 parameters (TD, and the LF spectrum (FD were

  18. Variabilidade clínica na determinação da dose tóxica oral em intoxicação experimental por fluoroacetato de sódio em gatos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rita de Cássia Collicchio-Zuanaze

    2006-02-01

    Full Text Available O fluoroacetato de sódio (FAS ou composto 1080 é um potente rodenticida utilizado no controle de roedores e predadores mamíferos. Sua utilização está proibida por lei em diversos países devido à sua alta toxicidade, mas no Brasil há evidências do uso ilegal e sem critérios causando intoxicações, principalmente em crianças e animais domésticos. O FAS age por meio do seu metabólito tóxico, o fluorocitrato, no bloqueio do ciclo de Krebs com conseqënte diminuição da produção de energia do organismo, provocando principalmente manifestações clínicas neurológicas e cardíacas. No presente estudo compararam quatro doses orais tóxicas do fluoroacetato de sódio, descritas em gatos, na literatura, observando-se o aparecimento dos sinais clínicos predominantes da intoxicação, as diferenças entre as doses quanto a variabilidade clínica em relação ao período de latência para o aparecimento dos sinais clínicos e sua respectiva intensidade. A dose oral tóxica que melhor caracterizou o quadro clínico da intoxicação por FAS em gatos, sem causar a letalidade aguda, foi de 0,45mg/kg. As diferenças entre as manifestações clínicas foram dose-dependentes e em ordem crescente de intensidade, caracterizando-se como sinais leves (dose 1: 0,3mg/kg, leves a moderados (dose 2: 0,4mg/kg, moderados a graves (dose 3: 0,45mg/kg e graves (dose 4: 0,5mg/kg. Houve também variabilidade clínica individual entre animais intoxicados com a mesma dosagem do tóxico.

  19. O relevo na interpretação da variabilidade espacial dos teores de nutrientes em folha de citros Landrelief in the interpretation of spatial variability of nutrient content in citrus leaves

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marisol G. A. de Leão

    2010-11-01

    Full Text Available A diagnose foliar é um critério para avaliação do estado nutricional das culturas agrícolas, que auxilia na compreensão da fertilidade do solo e na aplicação racional de adubos, levando em conta aspectos econômicos e ambientais. O trabalho teve como objetivo utilizar as formas do relevo como regra para auxiliar na interpretação da variabilidade espacial dos teores de nutrientes da folha de citros. Coletas de folhas foram realizadas em intervalos regulares de 50 m, totalizando 332 pontos de amostragem. Os dados foram analisados pela estatística descritiva, geoestatística e indução da árvore de decisão. Com o auxílio do modelo digital de elevação (MDE e do perfil planialtimétrico, a área foi dividida em diferentes formas do relevo e segmentos de vertente. Os maiores valores para os nutrientes da folha de citros foram observados no topo em relação aos segmentos de meia encosta e encosta inferior. Os nutrientes da folha de citros apresentaram altos valores de correlação (>0,05 com a altitude da área estudada, acima de 0,5. A técnica de geoestatística e a indução pela árvore de decisão demonstram que o relevo é a variável com maior potencial para interpretar os mapas de variabilidade espacial dos nutrientes da folha de citros comparada com outras variáveis de campo como comprimento de rampa e declive.Foliar diagnosis is a method for assessing the nutritional status of agricultural crops, which helps in the understanding of soil fertility and rationalized application of fertilizers taking into account economic and environmental criteria. The study aimed to use the landrelief as criteria to assist in interpreting the spatial variability of nutrient content of the citrus leaf. The leaves were collected at regular intervals of 50 m, totaling 332 sampling points. Data were analyzed by descriptive statistics, geostatistics and induction of decision tree. With the aid of digital elevation model (MDE and the profile

  20. Variabilidade espacial de atributos da fertilidade de um Latossolo Vermelho Distroférrico sob Sistema Plantio Direto Spatial variability of the fertility attributes of Dystropheric Red Latosol under a notillage system

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Flávio Carlos Dalchiavon

    2012-09-01

    Full Text Available O conhecimento da variabilidade espacial da fertilidade do solo é muito importante, principalmente, para a agricultura de precisão. Assim, durante o ano agrícola 2009/2010, no município de Selvíria (MS, no Cerrado Brasileiro, objetivou-se analisar a variabilidade espacial de atributos da fertilidade num Latossolo Vermelho Distroférrico sob plantio direto. Foi instalada a malha de amostragem para a coleta de solo, com 120 pontos amostrais, numa área de 3,0 ha e declive homogêneo de 0,055 m m-1. Foram determinados os teores de P disponível, de matéria orgânica, valor de pH (CaCl2, teores de K+, Ca+2, Mg+2, valores de saturação por bases e por alumínio, nas profundidades de 0-0,10 m e 0,10-0,20 m. Efetuou-se a análise descritiva clássica, com auxílio do software estatístico SAS, e em seguida foram modelados semivariogramas para todos os atributos, obtendo-se as respectivas validações cruzadas e mapas de krigagens com o GS+ 7.0. As maiores variabilidades dos atributos químicos analisadas pelo coeficiente de variação ocorreram na camada de 0,10-0,20 m de profundidade do solo. Todos os atributos químicos pesquisados apresentaram dependência espacial, sendo possível mapear a área em estudo. Por representar a continuidade espacial dos semivariogramas obtidos no presente estudo, os valores dos alcances geoestatísticos recomendados para os atributos ora pesquisados deverão estar compreendidos entre 40,2 e 113,1 metros.Knowledge of the spatial variability of soil fertility is very important, especially in precision agriculture. Thus during the 2009/2010 agricultural year, in the city of Selva (MS in the Brazilian Cerrado, the objective was to analyse the spatial variability of the fertility attributes of a Dystropheric Red Latosol under a no-tillage system. A sampling grid was installed to collect soil samples, with 120 sampling points in an area of 3.0 ha and on an even slope of 0.055 m m-1. The available phosphorus content

  1. Variabilidade espaço-temporal da condutividade elétrica da água subterrânea na região semiárida de Pernambuco Spatial temporal variability of electrical conductivity of groundwater in the semiarid region of Pernambuco, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tafnes S. Andrade

    2012-05-01

    Full Text Available RESUMO Quando mal-conduzida, a irrigação pode causar degradação dos solos e da água subterrânea, por potencializar o risco de salinização. Este problema é mais evidente em regiões semiáridas, nas quais as características físico-climáticas contribuem para seu agravamento. Uma das variáveis mais utilizadas para avaliar a concentração de sais solúveis na água de irrigação e no solo, é a condutividade elétrica. Neste trabalho, buscou-se avaliar a variabilidade espacial e temporal da condutividade elétrica da água subterrânea utilizada para irrigação em um assentamento rural, no semiárido pernambucano. Técnicas estatísticas descritivas e geoestatísticas foram aplicadas para identificação dos padrões de variabilidade e dependência espacial da condutividade elétrica, visando ao mapeamento da salinidade da água subterrânea. Verificou-se que a condutividade elétrica possui variabilidade média a alta, com dependência espacial moderada, em que a textura do solo e o regime pluviométrico influenciam na variação espacial e temporal da condutividade elétrica, que vem aumentando ao longo dos anos, na área estudada.ABSTRACT Irrigation, when poorly managed, can cause soil and groundwater degradation by increasing the salinization risk. This problem is evident in semiarid regions, where the physico-climatic characteristics contribute to enhance the problem. One of the main variables used to measure the soluble salts concentration in irrigation water and soil is the electrical conductivity. This work aimed to evaluate the spatial and temporal variability of electrical conductivity of groundwater for irrigation in a semiarid rural settlement in the State of Pernambuco. Descriptive statistics and geostatistical techniques have been applied to identify patterns of variability and spatial dependence of electrical conductivity aiming to map the groundwater salinity. It was found that the electrical conductivity has medium

  2. Variabilidade espacial de propriedades de Latossolo e da produção de café em diferentes superfícies geomórficas Spatial variability of Latosol properties in different geomorphic surfaces of coffee cultivation

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rodrigo B. Sanchez

    2005-12-01

    Full Text Available Com o objetivo de avaliar a variabilidade espacial de propriedades do solo e produção de café em diferentes Superfícies Geomórficas (SG na região do Alto Paranaíba, MG, instalaram-se duas malhas de 200 x 850 m com intervalos regulares de 50 m, com 68 pontos amostrais cada uma, sob cultivo de café. As amostras de solo foram coletadas na profundidade de 0-0,20 m, nos pontos de intercessão dessas malhas. A produção de café foi avaliada em duas colheitas de grãos em coco das plantas mais próximas da intercessão de linhas das malhas. Calcularam-se as estatísticas descritivas e realizou-se a análise geoestatística de propriedades do solo e produção da cultura de café. As propriedades químicas e granulométricas de solos intensamente manejados, possuem dependência do relevo, mesmo de pequena expressão. A produção de café apresentou dependência espacial em ambas as superfícies e maior variabilidade na SG II. Os limites entre as superfícies geomórficas podem representar limites de locais específicos de manejo.With the objective to evaluate the spatial variability of the soil properties and coffee production in different geomorphic surfaces (GS in the region of the high Paranaíba, MG, two regular grids of 200 x 850 m with intervals of 50 m were installed with 68 sampling points under coffee crop. The soil samples were collected at 0-0.20 m depth at the intersection points of these grids. The coffee production was evaluated in plants closer to the intersection of the grid point. Descriptive statistics and geostatistics analysis of the soil properties and production of coffee crop were performed. The chemical and textural properties of soil intensely managed possess dependence of the relief, even for small expression. The coffee production presented spatial dependence in both surfaces and largest variability in GS II. The limits between the geomorphic surfaces can represent limits of specific places of management.

  3. Avaliação da variabilidade das gerações G0 e F1 da linhagem GIFT de tilápia do Nilo (Oreochromis niloticus por RAPD = Variability evaluation of G0 and F1 generations of GIFT Nile tilapia strain (Oreochromis niloticus by RAPD

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Enio Lupchinski Júnior

    2008-04-01

    Full Text Available Este trabalho teve como objetivo analisar, pela técnica RAPD, a variabilidade e a divergência genética de duas gerações da linhagem GIFT. Foram estimados parâmetros para os reprodutores (G0 e para a progênie (F1. A variabilidade genética foi determinada pelaporcentagem de loci polimórficos e pelo índice de Shannon. As gerações apresentaram 69,6% de loci polimórficos (G0 e 60,0% de polimorfismo (F1. Os valores para o índice de Shannon foram de 0,367 para a geração G0 e de 0,317 para a F1. Os valores de divergênciagenética, calculados pelo teste de Mantel, foram de 0,213 para a G0 e 0,208 para a geração F1. Os resultados obtidos indicaram que houve perda da variabilidade genética da geração G0 para a F1. No entanto, um fato a ser destacado foi a alta variabilidade genética para asgerações G0 e F1, característica fundamental para que ocorra ganho por melhoramento genético. O conjunto de dados indicou, ainda, que o status genético é favorável para a continuidade do programa de melhoramento genético para a linhagem GIFT, no Estado do Paraná.This study had as objective to analyze, by RAPD technique, the genetic variability and divergence of two GIFT Nile tilapia straingenerations. Parameters were estimated for breeders (G0 and offspring (F1. The genetic variability was determined by the polymorphic loci percentage and Shannon index. The polymorphic loci percentages were 69.6% (G0 and 60.0% (F1. The Shannon index valueswere 0.367 for the G0 generation and 0.317 for F1. Genetic divergence values, calculated using the Mantel test, were 0.213 for G0 and 0.208 for the F1 generation. The results indicated that there was a genetic variability loss from the G0 to F1 generation. However, it is important to observe the high genetic variability found for both the G0 and F1 generations, which is a fundamental characteristic in order to obtain gains in breeding programs. The data also indicated that the genetic status is favorable

  4. Variabilidade genética em trigos brasileiros a partir de caracteres componentes da qualidade industrial e produção de grãos Genetic variability for bread making quality and grain yield among Brazilian wheat genotypes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Douglas André Mallmann Schmidt

    2009-01-01

    Full Text Available O melhoramento genético para a qualidade industrial do trigo pode representar uma oportunidade de agregar valor de mercado aos produtos agrícolas, sendo o trigo um dos cereais com maior associação entre a qualidade intrínseca e a remuneração ao agricultor. O objetivo do trabalho foi o de determinar a variabilidade genética a partir de caracteres indicativos da qualidade industrial e o rendimento de grãos, e estimar o grau de associação entre estes caracteres em 22 genótipos de trigo. O experimento foi desenvolvido em área experimental pertencente à Universidade Federal de Pelotas, Capão do Leão (RS. Os resultados indicaram a provável existência de variabilidade genética para os caracteres em estudo, a qual pode auxiliar pesquisadores na escolha de genitores. Cruzamentos artificiais envolvendo os genótipos BRS 208, Rubi e Safira podem ser os mais promissores no intuito de incrementar o ganho genético, tanto para a qualidade industrial quanto para a produtividade de grãos. O rendimento de grãos manifestou correlação negativa com o conteúdo de proteína da farinha revelando que a superioridade genotípica para o rendimento de grãos pode afetar negativamente a proporção protéica. Entretanto, o conteúdo de proteína não evidenciou associação significativa com a força de glúten (indicador da qualidade industrial, revelando que a concentração de proteína da farinha não foi eficiente para predizer a qualidade industrial. Este resultado sugere a possibilidade de obtenção de genótipos superiores para o rendimento de grãos sem comprometer a qualidade industrial.The breeding for wheat bread making quality represents a great opportunity to incorporate commercial value to agricultural products. Wheat has one of the best relationship between end product quality and farmer earnings. Genetic variability among 22 different genotypes based on bread making quality traits and grain yield and the degree of their association

  5. Estimativa de produtividade agroindustrial de cana-de-açúcar por dados espectrais orbitais ETM+/LANDSAT 7 / Sugarcarne agroindustrial yield forecast by orbital sensor ETM+/LANDSAT 7 data

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Caio Fortes

    2009-12-01

    Full Text Available ResumoOs sistemas convencionais de estimativa de safras são geralmente onerosos e demorados, portanto, é importante o desenvolvimento de métodos mais rápidos para a obtenção de dados. Propõe-se, neste trabalho, obter uma metodologia para estimar a produtividade agroindustrial da cana-de-açúcar pelo sensor orbital ETM+/LANDSAT 7 e utilizando-se dados reais áreas de produção de cana-de-açúcar na região de Paraguaçu Paulista, (SP, da variedade RB835486, de primeiro corte. Um banco de dados foi elaborado e escolheram-se talhões com épocas de plantio semelhantes, enquanto que para a coleta de dados espectrais foram testadas duas metodologias: na primeira, foram estabelecidas áreas de coleta de dados espectrais dentro dos talhões, e estes foram representados pelas respectivas médias aritméticas dos pixels amostrados e, na segunda, procedeu-se a uma classificação não supervisionada dos dados espectrais dos talhões que, por sua vez, foram representados pela média ponderada do valor dos pixels em sete classes espectrais distintas. As bandas B1, B2, B3, B4, B5 e B7 e seis índices de vegetação, foram utilizados para gerar modelos de regressão linear múltipla, visando à quantificação das características agroindustriais da cultura. Os resultados indicam que é possível estimar essas características através de dados espectrais orbitais, indicados por R2 = 0,69 para produtividade agrícola (Mg ha-1 e em média 0,58, para as características tecnológicas.AbstractConventional systems for crop yield projections are generally expensive and demand much time. Thus, it is important to develop quicker data obtaining methods. We have proposed a methodology for estimating the sugarcane agroindustrial yield by ETM + / LANDSAT 7 orbital sensor and also by collecting data from sugarcane production areas in Paraguaçu Paulista, São Paulo State, at fields of RB835486 variety in the first harvest. A database was established, and fields

  6. Spatial variability of soil hydraulic properties on a steep slope in the loess plateau of China Variabilidade espacial de propriedades hídricas do solo de uma encosta do "Loess Plateau" da China

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Wei Hu

    2008-01-01

    Full Text Available The understanding of the structure of the spatial variability of soil surface hydraulic properties on steep slopes is important for modeling infiltration and runoff processes. The objective of this study was to investigate the spatial variability of these properties on a steep slope of the Loess Plateau in northwest China. A 9600 m² area was systematically sampled in a grid of 106 points spaced 10 m x 10 m. Hydraulic properties were determined with a disc infiltrometer under multiple pressure heads (-15, -9, -6, -3, 0 cm at each sample point. Classical and geo-statistical methods were used for data analysis. The results indicated that the variation of Gardner's a and hydraulic conductivities at all applied pressure heads was moderate and the heterogeneity for hydraulic conductivities increased as the applied pressure head increased. Along the slope, hydraulic conductivities generally decreased downwards, while the Gardner's a fluctuated slightly. The Gardner's a of the shaded aspect of the slope was greater than that of the sunny aspect. The hydraulic conductivities of the shaded aspect were greater at higher pressure heads as compared to the sunny aspect, but lower than those of the sunny aspect at lower pressure heads. Correlation analysis showed a negative correlation between hydraulic conductivity and soil organic matter and clay (A compreensão da estrutura da variabilidade especial das propriedades hidráulicas do solo de encostas íngremes é importante na modelagem dos processos de infiltração e de escoamento superficial da água. O objetivo deste estudo foi investigar a variabilidade destas propriedades em uma encosta íngreme do "Loess Plateau" do noroeste da China. Uma área de 9600 m² foi sistematicamente amostrada em um grid de 106 pontos espaçados de 10 m x 10 m. As propriedades hídricas foram determinadas com um infiltrômetro de disco operando sob múltiplas cargas hidráulicas (-15, -9, -6, -3, 0 cm em cada ponto de

  7. Aspectos da morfofuncionalidade cardiovascular, variabilidade cardíaca e do estresse oxidativo em diferentes modelos experimentais de hiper-homocisteinemia

    OpenAIRE

    Roberta Hack Mendes

    2009-01-01

    Com base na relevância das doenças cardiovasculares para a saúde pública mundial, buscamos entender as associações entre o metabolismo da homocisteína (Hcy) e este sistema, o estresse oxidativo (EO) e a possível influência da modulação do sistema nervoso simpático (SNS) sobre esta associação. Além disso, testamos o efeito da vitamina B6 sobre a função cardíaca e o EO. Para isso foram realizados dois experimentos: no primeiro testamos dois modelos de hiper-homocisteinemia (Hhe): o tratamento c...

  8. Variabilidade morfodinâmica entre as regiões da Querência e do navio Altair na praia do Cassino, RS

    OpenAIRE

    Espírito Santo, Renato Mendes

    2007-01-01

    Dissertação(mestrado) - Universidade Federal do Rio Grande, Programa de Pós-Graduação em Oceanografia Física, Química e Geológica, Instituto de Oceanografia, 2007. A Praia do Cassino, situada ao Sul da desembocadura da Lagoa dos Patos, demonstra uma variação textural e hidrodinâmica influenciada pela deposição de sedimentos sobre a praia e a antepraia. As regiões mais próximas da Lagoa possuem tamanhos de grãos menores que as regiões mais afastadas. A existência de um banco de lama na ante...

  9. Análise da variabilidade genética de populações de Helicoverpa armigera (Lepidoptera: Noctuidae ocorrendo em culturas de algodão e tomate - doi: 10.5102/ucs.v8i1.1056

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo Roberto Queiroz

    2010-10-01

    Full Text Available Helicoverpa armigera é uma das principais pragas polífagas de distribuição mundial das culturas de interesse econômico. A identificação dessa espécie por meio molecular auxilia no estabelecimento do perfil genético, na caracterização e no monitoramento das populações desse inseto da ordem Lepidoptera. O objetivo desse trabalho foi estabelecer uma metodologia de extração de DNA para H. armigera, determinar perfis eletroforéticos e analisar a variabilidade genética entre as populações desse inseto-praga. Os cinco iniciadores de RAPD produziram fragmentos de DNA que revelaram uma similaridade genética inferior a 80% entre as dez populações no dendrograma que foi gerado. Os resultados obtidos com as análises de variância molecular (AMOVA revelaram que a elevada fonte de variação genética foi o resultado da variabilidade dentro de cada população. As causas que levaram a essa elevada variabilidade precisam ser mais bem estudadas nos países onde a praga ocorre.

  10. Análise da Variabilidade Espacial da Piezometria em Aquífero Livre: Estudo de Caso na Sub-Bacia da Cabeceira do Rio Coxim, Mato Grosso do Sul

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ciomara de Souza Miranda

    2016-01-01

    Full Text Available O presente trabalho tem o objetivo de reconhecer a superfície piezométrica do aquífero livre da Sub-Bacia Cabeceira do Rio Coxim, localizada na porção central do Município de São Gabriel do Oeste, Mato Grosso do Sul, caracterizada pelo uso agrícola intensivo. Essa informação da piezometria das águas subterrâneas é necessária para a exploração de forma otimizada e sustentável do meio. Foram coletado em campo dados do nível estático de 22 poços e a altitude, o resultado da subtração desses dois dados caracteriza a piezometria. O modelo matemático de ajuste ao semivariograma teórico foi o esférico. Apurou-se, ainda, por validação cruzada a exatidão do modelo esférico proposto. Averiguou-se a existência de uma forte dependência espacial, um alcance de 16,5 km e uma superestimação da superfície da água subterrânea de 10% na krigagem, considerado um erro aceitável para a interpolação dos dados. A partir dos parâmetros dos modelos ajustados, gerou-se o mapas da superfície piezométrica pelo método da krigagem. Observou-se que a geoestatística na análise de dados ambientais, destacando nesse trabalho, o estudo voltado aos recursos hídricos.

  11. Variabilidade da precipitação em tempo e espaço associada à Zona de Convergência Intertropical Variability of rainfall in time and space associated with Intertropical Convergence Zone

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maurício do Nascimento Moura

    2012-12-01

    Full Text Available Este estudo visa apresentar uma análise atmosférica da variabilidade espacial e temporal da Zona de Convergência Intertropical (ZCIT nas cidades de Belém, Jakarta e Nairóbi, que estão localizadas sobre os continentes da América do Sul, Ásia e África, respectivamente. Para isso, foram utilizados dados diários de precipitação observada e radiação de onda longa para o período de 1999 a 2008, e aplicadas as técnicas matemáticas e estatísticas, como a média aritmética e a transformada em ondeletas Morlet. Em geral, os resultados indicam que do ponto de vista espacial, a precipitação mensal varia consideravelmente, pois as três cidades estudadas localizam-se em diferentes continentes da faixa tropical. Isto ocorre principalmente, durante os meses de Janeiro a Maio, período de maior atuação da ZCIT no hemisfério sul. As variações atmosféricas observadas, a partir dos escalogramas de fase, - de ondeleta indicam que as escalas interdecadal, anual, interanual e intrassazonal são moduladoras da precipitação. Tais escalas podem ser representadas pelos mecanismos oceano-atmosfera dos fenômenos El Niño Oscilação Sul e da oscilação intrassazonal de Madden e Julian. A contribuição destes fenômenos na distribuição da chuva nessas regiões é evidente durante o período estudado, sendo que Nairóbi, apesar de estar localizada em latitude semelhante à de Belém, apresenta pouca evidência do ciclo anual e forte na escala interdecadal. No caso de Belém e de Jakarta as oscilações de múltiescala de precipitação concentram-se nas escalas dos mecanismos moduladores da chuva associados com o ciclo anual e intrassazonal, durante todo o período.This study aims to present an atmospheric analysis of spatial and temporal variability of the Intertropical Convergence Zone (ITCZ in Belem, Jakarta and Nairobi, which are located on the continents of South America, Asia and Africa, respectively. For this, daily precipitation and

  12. Variabilidade da frequência cardíaca e infecções pulmonares pós revascularização miocárdica Variabilidad de la frecuencia cardíaca e infecciones pulmonares post revascularización miocárdica Heart rate variability and pulmonary infections after myocardial revascularization

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo Rogério Corrêa

    2010-10-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A variabilidade da frequência cardíaca (VFC é um método diagnóstico não invasivo usado na avaliação da modulação autonômica do coração. A análise da VFC por métodos de dinâmica não linear no período pré-operatório da cirurgia de revascularização do miocárdio poderia ser preditora de morbidade no pós-operatório, como por exemplo, infecções pulmonares. OBJETIVO: Avaliar o comportamento da VFC pela dinâmica não linear, no período pré-operatório da cirurgia de revascularização do miocárdio e sua relação com a ocorrência de infecções pulmonares no período pós-operatório hospitalar. MÉTODOS: Foram avaliados 69 pacientes (média de idade de 58,6 ± 10,4 anos com doença arterial coronariana e indicação eletiva de cirurgia de revascularização do miocárdio. Para quantificar a dinâmica não linear da VFC, foram realizadas: análise das flutuações depuradas de tendências (DFA, seus componentes de curto (α1 e longo (α2 prazos, entropia aproximada (-ApEn, expoente de Lyapunov (LE, e expoente de Hurst (HE de séries temporais dos intervalos RR do ECG, captados com equipamento Polar S810i, na véspera da operação. RESULTADOS: Nos níveis de corte estipulado pela curva ROC, houve diferença significativa entre os grupos com e sem infecções pulmonares no pós-operatório de revascularização do miocárdio para a DFA total, entropia aproximada e expoente Lyapunov com p = 0, 0309, p = 0,0307 e p = 0,0006, respectivamente. CONCLUSÃO: Os métodos de dinâmica não linear, nos seus respectivos níveis de corte, permitiram diferenciar os casos que evoluíram com infecção pulmonar no pós-operatório de cirurgia de revascularização do miocárdio, sugerindo que, nesse grupo de pacientes, estes métodos podem ter caráter prognóstico.FUNDAMENTO: La variabilidad de la frecuencia cardíaca (VFC es un método diagnóstico no invasivo usado en la evaluación de la modulación autonómica del coraz

  13. Variabilidade horizontal da fertilidade do solo de uma unidade de amostragem em sistema plantio direto Horizontal variability of soil fertility in a sampling unit under no-till system

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    V. H. Alvarez V.

    2003-04-01

    Full Text Available A coleta de amostras de solo com trado é mais simples e rápida do que com a pá de corte, sendo esta, freqüentemente, utilizada no sistema plantio direto para amostragem e determinação da fertilidade média do solo. Com o objetivo de comparar dois sistemas de amostragem localizada do solo (pá de corte ou trado de caneca quanto à variabilidade horizontal de características químicas, determinar o número de unidades de amostra necessário à formação de uma amostra representativa da unidade de amostragem e demonstrar que a análise da amostra composta apresenta iguais resultados aos obtidos pelas médias aritméticas das análises das amostras simples, realizou-se um estudo em área há 15 anos sob sistema plantio direto. Os sistemas de amostragem localizada foram: pá de corte (24 amostras simples coletadas perpendicularmente ao sulco de plantio e no espaço compreendido entre os pontos médios entre sulcos e trado (20 amostras simples coletadas no sulco de plantio (Ts, 20 amostras simples coletadas lateralmente a 10 cm do sulco (T10 e 20 amostras simples coletadas a 40 cm do sulco (T40. Subamostras representativas das amostras simples foram misturadas, visando à formação de amostras compostas, tanto para pá de corte quanto para trado. Nas amostras simples e compostas foram determinados os teores de P, K, Ca2+, Mg2+ e Al3+ e os valores de pH, H + Al e P-rem. Foram calculadas as médias das determinações das amostras simples e das compostas, os desvios-padrão e os coeficientes de variação, sendo as médias comparadas pelo teste t de Student. Foi também calculado o número de amostras simples necessário à formação de uma amostra composta, para os dois sistemas de amostragem. Os resultados mostraram que apenas os teores de K e Mg2+ e os valores de H + Al diferiram de um método de amostragem para outro. Na amostragem com trado de caneca, a variabilidade de todas as características avaliadas foi maior do que na amostragem

  14. Spatial variability of soil fertility in a block design Variabilidad espacial de fertilidad química del suelo en un diseño de bloques Variabilidade espacial da fertilidade química do solo num delineamento em blocos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    María de las Mercedes Ron

    2011-11-01

    estadístico de la variabilidad espacial se adaptó al diseño en bloques y las profundidades de muestreo del suelo. En 12 de 20 parámetros, la profundidad y/o la posición de los bloques explicaron buena parte de las variaciones observadas. Los cambios en profundidad de PBK, Kint y los micronutrientes catiónicos (a excepción del Cuext pueden asociarse a su escasa movilidad en el suelo. La posición en el terreno, con efectos potenciales sobre el agua disponible y la producción de biomasa, explicaría los gradientes horizontales de CIC, Caint y carbono orgánico. La tendencia inversa encontrada para PBK se atribuye a su relación negativa - no significativa - con el pH. El estudio de la variabilidad puede enriquecer el monitoreo de propiedades químicas en estudios a largo plazo.

    Para proceder à caracterização do estado inicial de um ensaio de longa duração sob sementeira directa, partiu-se do pressuposto de que existem nos horizontes de superfície, gradientes de fertilidade horizontal (inter-bloco e vertical (dependendo da profundidade de amostragem. O objectivo deste trabalho foi descrever e quantificar essas variações num ensaio de campo experimental instalado na Universidade Nacional del Sur (UNS, Argentina. Num local apresentando um ligeiro declive instalaram-se 4 blocos perpendiculares à inclinação do terreno. A profundidade efectiva variou de 80 cm na posição correspondente à inclinação superior até 100 cm. O solo foi classificado como um Paleustol petrocálcico térmico de textura franca grosseira. Retiraram-se amostras compostas de cada bloco às profundidades de 0-6, 0-12 e 0-20 cm, as quais foram secas ao ar e crivadas por crivo de malha 2 000 µm. Procedeu-se às seguintes determinações analíticas: pH; condutividade eléctrica (CE; capacidade de troca catiónica (CIC; cálcio (Caint, magnésio (Mgint, potássio (Kint e sódio (Na

  15. Variabilidade da frequência cardíaca em mulheres com hipermobilidade articular Heart rate variability in women with joint hipermobility

    OpenAIRE

    Mariane de Oliveira Nunes; Marcelo Custódio Rubira; Ana Paula Fernandes De Angelis Rubira; Aline Cristina Pereira do Nascimento; Alderico Rodrigues de Paula Júnior; Rodrigo Alexis Lazo Osório

    2011-01-01

    A hipermobilidade é a capacidade de desempenhar movimentos articulares com amplitude maior que o normal. A prevalência possui variações determinadas pela etnia, sexo, idade, atividade física e variações nos critérios de caracterização. Aproximadamente 30% dos adultos são portadores e apresentam feedback proprioceptivo, sensorial diminuído e espacial alterado da articulação levando a maior frequência de ativação e deformação dos mecanorreceptores nos músculos esqueléticos e na pele. O aumento ...

  16. Detecção e análise da variabilidade de seqüências do Banana streak virus (BSV em bananeiras no Brasil Detection and analysis of Banana streak virus (BSV sequences variability of banana from Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniel Figueiredo

    2006-06-01

    Full Text Available A técnica de PCR utilizando-se "primers" degenerados para o gênero Badnavirus foi utilizada para a detecção e análise da variabilidade de seqüências do Banana streak virus (BSV provenientes de bananeiras. A partir desta metodologia seqüências do vírus puderam ser detectadas em cultivares diplóides (AA, triplóides (AAA; AAB e tetraplóides (AAAB. Foram encontrados quatro padrões de seqüência do BSV (estirpes BSVBR-1, BSVBR-2, BSVBR-3 e BSVBR-4, diferenciadas através da análise do perfil eletroforético das amostras amplificadas. A estirpe BSVBR-1 prevalece nos estados do Acre, Amazonas, Bahia, Ceará, Goiás, Minas Gerais, Piauí, Rio de Janeiro, Rondônia, Santa Catarina, e São Paulo, enquanto que, a estirpe BSVBR-2 foi encontrada em amostras oriundas do Amazonas e do Ceará. As estirpes BSVBR-3 e BSVBR-4 foram encontradas apenas no Ceará. Este trabalho revela a presença de diferentes estirpes do BSV no Brasil, bem como a existência de cultivares de bananeiras sadias e livres de seqüências virais do BSV integradas ao seu genoma.PCR assay using degenerate primers, designed to Badnavirus genus, was used to detect and analyse the variability of BSV strains sequences from banana. The virus was detected in diploid (AA, triploids (AAA; AAB and tetraploids (AAAB banana cultivars. Four BSV sequences patterns (BSVBR-1, BSVBR-2, BSVBR-3 and BSVBR-4 strains were found, and distinguished by eletrophoresis. The strain BSVBR-1 was found in the states of Acre, Amazonas, Bahia, Ceará, Goiás, Minas Gerais, Piauí, Rio de Janeiro, Rondônia, Santa Catarina and São Paulo, while BSVBR-2 strain was detected in the states of Amazonas and Ceará. BSVBR-3 and BSVBR-4 strains were found only in the state of Ceará. This work demonstrated the presence of different BSV strains in Brazil and the existence of health banana cultivars as well as cultivars free of BSV integrated sequences.

  17. Análise da variabilidade genética de arnica (Lychnophora ericoides Less. - Asteraceae usando marcadores RAPDs Genetic variability analysis of arnica (Lychnophora ericoides Less. - Asteraceae using RAPD markers

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciana Queiroz Melo

    2009-03-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi analisar e quantificar a variabilidade genética entre e dentro das populações de arnica por meio de marcadores RAPD. Foram amostradas quatro populações na região geoeconômica do Distrito Federal: Parque Nacional de Brasília (2, Fazenda Água Limpa - UnB (1 e Reserva do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE (1. Folhas de 24 indivíduos de cada região foram coletadas, totalizando 96 indivíduos. Num total de 105 iniciadores testados foram selecionados 15, totalizando 60 bandas polimórficas. Marcadores RAPDs selecionados foram analisados com a utilização dos programas NTSYS e Amova. O dendrograma obtido pelo método UPGMA e coeficiente de dissimilaridade Dice evidenciou quatro agrupamentos consistentes, com índice de dissimilaridade variando entre 62 a 71%. O teste de Mantel aplicado estabeleceu uma correlação cofenética com valores de r = 0.82, significando que as distâncias geográficas entre as populações amostradas estão correlacionadas com a distância genética. A análise de AMOVA mostrou uma percentagem variabilidade genética entre populações de 35,7% e dentro de populações de 64,3%, evidenciando uma alta variação entre populações, sendo um importante resultado para definição de uma estratégia de conservação da espécie que se encontra em situação vulnerável à extinção.The main objective of this research was to analyze and quantify the genetic variability within and between populations of arnica using RAPD markers. Four populations from Federal District area, Brazil were sampled: Parque Nacional de Brasília - (2 , Fazenda Água Limpa -UnB (1, and Reserva do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE (1. Leaves from twenty-four individuals from each population were collected and preserved under refrigeration. Fifteen primers were selected from 105 tested, totalizing 60 polymorphic bands. Scored RAPD markers were analyzed using NTSYS and Amova

  18. Variabilidade espacial de atributos físicos do solo associados ao uso e ocupação da paisagem Spatial variability of physical attributes of soil associated with use and occupation of landscape

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Natalino M. Gomes

    2007-08-01

    Full Text Available O presente trabalho teve-se como objetivo diagnosticar o uso atual das terras e suas implicações na variabilidade espacial dos atributos físicos densidade do solo (Ds, matéria orgânica (MO, frações texturais (areia, silte e argila e argila dispersa em água (ADA, na bacia hidrográfica do Ribeirão Marcela, Região Alto Rio Grande, MG, através de técnicas de geoestatística, com a finalidade de observar padrões de ocorrência desses atributos na paisagem. Coletaram-se amostras de solo na camada de 0 a 0,15 m em malha, com intervalos regulares de 240 x 240 m (macroescala e de 60 x 60 m (microescala, totalizando 165 pontos. A Ds apresentou-se com valores na faixa de 1,05 a 1,15 g cm-3 acima, portando, do valor característico para Latossolos (0,95 g cm-3, enquanto os maiores valores foram obtidos nas glebas sob pastejo. Os valores de MO variaram de 1,5 a 4,5 dag kg-1, detectando-se maiores concentrações nas glebas sob eucalipto, cerrado mais denso e várzeas. As frações texturais variaram seguindo a rede de drenagem e a ADA indicou valores baixos ao longo de toda a bacia. Os mapas de krigagem mostraram-se importante no estudo e compreensão da variabilidade espacial de atributos físicos do solo na bacia hidrográfica, indicando áreas críticas de manejo.This work aimed to diagnose current agricultural soil use as well as its implications for the spatial variability of soil bulk density (Ds, organic matter (OM, particle-size distribution and water dispersible clay (WDC, in Ribeirão Marcela watershed, belonging to Alto Rio Grande region, using geostatistics tools, in order to observe occurrence patterns of these attributes in the landscape. Disturbed and undisturbed soil samples were collected in 0-0.15 m layer, in a grid of 240 x 240 m (macro-scale and 60 x 60 m (micro-scale, resulting in 165 samples. Current soil use is not in accordance to soil class agricultural suitability. Soil bulk density presented values between 1.05 and 1

  19. Variabilidade espacial da umidade de um Latossolo Vermelho-Amarelo sob plantio direto Spatial variability of soil water content of a Red-Yellow Latosol under no-tillage

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabrício de M. T. Sampaio

    2010-10-01

    Full Text Available O estudo da dependência espacial de atributos do solo é importante para aprimorar as práticas de manejo e de amostragem. Este trabalho teve o objetivo de estudar a variabilidade espacial da umidade de um Latossolo Vermelho-Amarelo sob plantio direto, cultivado com milho, e sua relação com o carbono orgânico total do solo, macroporosidade e microporosidade. A pesquisa foi conduzida em uma área localizada no município de Lavras - MG. Na avaliação dos atributos do solo, foi delineada uma malha experimental com dimensões iguais a 90 x 90 m (0,81 ha de área, com espaçamento entre os pontos de amostragem de 15 x 15 m. Para obter maior detalhamento da dependência espacial dos dados, realizou-se a implantação de mais duas malhas (zoom dentro de um quadrante da grande malha, totalizando 73 pontos de leitura. A umidade do solo em base volume (cm³ cm-3 foi determinada in situ em duas datas, utilizando-se de um equipamento de TDR. Por meio da análise dos dados das duas datas pela Estatística Clássica, observaram-se coeficientes de variação médios para a umidade do solo. Obteve-se um semivariograma com efeito pepita puro quando o solo se apresentou mais úmido, indicando a ausência total de estruturação nestas condições. Já para o solo mais seco, ajustou-se o modelo exponencial ao semivariograma, o qual mostrou moderada dependência espacial e alcance de 75 m. Verificou-se que a associação entre a umidade do solo e o carbono orgânico aumentou na condição de solo mais seco.The study of spatial dependence of soil attributes is important to improve management practices and sampling. This research aimed to investigate the spatial and temporal variability of the soil water content of a Red-Yellow Latosol under no-tillage cultivated with maize and its relation to the total organic carbon in soil, macroporosity and microporosity. The experiment was on experimental area located in Lavras, state of Minas Gerais, Brazil, which was

  20. Análise da variabilidade genética de populações de Helicoverpa armigera (Lepidoptera: Noctuidae) ocorrendo em culturas de algodão e tomate - doi: 10.5102/ucs.v8i1.1056

    OpenAIRE

    Queiroz, Paulo Roberto; Lima, Luzia Helena Corrêa

    2010-01-01

    Helicoverpa armigera é uma das principais pragas polífagas de distribuição mundial das culturas de interesse econômico. A identificação dessa espécie por meio molecular auxilia no estabelecimento do perfil genético, na caracterização e no monitoramento das populações desse inseto da ordem Lepidoptera. O objetivo desse trabalho foi estabelecer uma metodologia de extração de DNA para H. armigera, determinar perfis eletroforéticos e analisar a variabilidade genética entre as populações desse ins...

  1. Estimativa da variabilidade genética em linhagens de tilápia do Nilo (Oreochromis niloticus com a técnica de RAPD - DOI: 10.4025/actascianimsci.v27i1.1236 Genetic variability estimation of Nile tilapia strains (Oreochromis niloticus using the RAPD technique - DOI: 10.4025/actascianimsci.v27i1.1236

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lauro Vargas

    2005-03-01

    Full Text Available A variabilidade genética é essencial para que se possa obter melhoramento genético e, portanto, é de grande importância a sua estimação. Desta forma, o objetivo do presente experimento foi estimar, pela técnica Random Amplified Polymorphic DNA (RAPD, a divergência e a variabilidade genética nas linhagens de tilápias do Nilo (Oreochromis niloticus Bouaké e Chitralada em duas gerações de reprodutores do rio Nilo. Foram utilizados 20 animais de cada linhagem. A matriz de coeficientes de similaridade de Jaccard entre indivíduos foi utilizada para a construção de um dendrograma e para a determinação, com o teste de Mantel, da divergência genética entre linhagens. A variabilidade genética foi estimada pelo índice de Shannon e pela porcentagem de loci polimórficos. As linhagens Bouaké e Chitralada formaram grupos distintos. A primeira apresentou menor divergência e variabilidade genética em relação à segunda. A variabilidade genética foi semelhante entre as duas gerações de reprodutores em ambas as linhagensGenetic variability estimation is highly important in order to achieve genetic improvement. The present experiment aims at estimating the genetic divergence and variability of the Nile tilapia strains (Oreochromis niloticus, Bouaké and Chitralada, in two breeders offsprings, using the Random Amplified Polymorphic DNA (RAPD. Twenty animals from each strain were used. The Jaccard similarity coefficients matrix was used for both designing a dendrogram and determining the genetic divergence of the strains, using Mantel’s test. The genetic variability was estimated by Shannon’s index and the percentage of polymorphic loci. Bouaké and Chitralada’s strains formed different groups. The former strain showed lower genetic divergence and variability in relation to the latter one. The two breeders offsprings had similar genetic variability in both strains

  2. Amostragem para avaliação da fertilidade do solo em função da variabilidade de suas características químicas Soil sampling for evaluation of fertility as a function of variability of chemical characteristics

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hemmannuella C. Santos

    2009-12-01

    Full Text Available Visou-se, neste trabalho, avaliar a variabilidade de características químicas do solo, definir o número de amostras simples para formar uma amostra composta e avaliar se a média aritmética das amostras simples é igual ao resultado da análise química da amostra composta. Realizaram-se três séries de amostragens constituídas de 36 amostras simples por série, em um Latossolo Amarelo. Os locais de retirada das amostras da primeira série se distanciaram 15 m um do outro, os da segunda série, 2,5 m, e os da terceira série, 0,42 m. Com as amostras de solo da primeira série, foram formuladas amostras compostas mediante a mistura homogênea de 4, 8, 14, 20, 28 e 36 amostras simples, utilizando-se três repetições. A variabilidade das características químicas do solo praticamente não variou quando o tamanho da área amostrada variou de 8.100 m² para 225 m². Para recomendação de calagem e adubação, as doses de calcário e fertilizante são, em geral, as mesmas, independentemente se a fertilidade média do solo é avaliada a partir da análise química da amostra composta ou a partir da média aritmética dos resultados das análises químicas das amostras simples. A coleta de pelo menos oito amostras simples de solo foi suficiente para formar uma amostra composta representativa.The aim of this study was to evaluate the variability of chemical attributes of soil, to define the number of single samples required to form a composite sample and to evaluate if the mean fertility values obtained from the composite sample is the same as obtained from the arithmetic mean of single samples. Three series of sampling, each one with 36 samples collected in an Oxisol, were carried out. Samples of the first series were taken 15 m apart from each other, the second one 2.5 m, and the third one 0.42 m. Composite samples were formulated with samples of first series by a homogenous mixture of 4, 8, 14, 20, 28 e 36 single samples, with three

  3. Efeito do tempo de intervalo da amostra ventilatória na variabilidade do consumo máximo de oxigênio (VO2 máx em jogadores de futebol profissional

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo Roberto Santos Silva

    1999-04-01

    Full Text Available O propósito deste estudo foi verificar, em futebolistas profissionais, o impacto de sete intervalos de tempo sobre a variável fisiológica consumo máximo de oxigênio (VO2 máx. Dezoito jogadores de futebol com média de idade de 24 ± 4 anos (18-31, peso de 72,5 ± 5,9kg (62-83 e estatura de 176,5 ± 7,0cm (164-188 foram submetidos a teste ergométrico máximo em esteira rolante, utilizando-se protocolo escalonado contínuo. A resposta de freqüência cardíaca (FC foi registrada por meio de um eletrocardiógrafo computadorizado de 12 derivações simultâneas. A ventilação pulmonar (V E, o consumo de oxigênio (VO2, a produção de dióxido de carbono (VCO2 e a razão de troca respiratória (RER foram calculadas a partir de valores medidos por um sistema espirométrico computadorizado. Os resultados deste estudo demonstraram que houve variabilidade significante do VO2 máx (p < 0,05 somente quando se comparou a resposta instantânea respiração-a-respiração (breath-by-breath em relação aos outros intervalos de tempos analisados (10, 20, 30, 40, 50 e 60 segundos, respectivamente. Concluindo, durante o exercício de intensidade progressiva, observou-se que o aumento do VO2 foi proporcional à diminuição do intervalo de tempo da coleta ventilatória. O tempo de intervalo maior subestimou esse aumento. Assim, sugere-se que o avaliador utilize intervalos médios na faixa de tempo entre 10 e 60 segundos, pois não foi verificada diferença estatística significante entre esses intervalos.

  4. Variabilidade da Frequência Cardíaca em Universitários Saudáveis Após Ingesta de Bebida Energética / Heart Rate Variability in Healthy College Students After Energy Drink Intake

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniel Cesar Shirane

    2016-12-01

    Full Text Available Objetivo: O objetivo é analisar a variabilidade da frequência cardíaca em universitários saudáveis, após ingestão de bebida energética. Materiais e Métodos: Estudo prospectivo, uni-cego que incluiu indivíduos de coração normal. Todos submeteram-se à monitorização eletrocardiográfica por 5 minutos, antes da ingestão de 250 ml do energético Red Bull® (grupo A – GA ou de placebo (grupo B – GB, numa relação 3:1, num período de 10 minutos. Após 45 minutos, um outro ECG foi realizado. Os indivíduos dos GA e GB permaneceram em repouso, sentados. Foi obtida a VFC antes e após a administração das substâncias, nos domínios do tempo (DT e da frequência (DF. Foram excluídos consumidores de energéticos, aqueles que tivessem ingerido álcool ou cafeína nas 24 h antes da investigação. Resultados: Foram incluídos 30 indivíduos no grupo A (16H, 14M, média de idade 22±3a, variando entre 17 e 36 a e 10 no grupo B (6H, 4M, média de idade 20±5a. Não se observou variação da frequência cardíaca antes e após nos GA e GB (70±10 vs 71±8 no GA [p=0,941] e, 69±8 vs. 70±9 no GB[p=0,881]. Houve incremento significativo da atividade vagal no GA, em comparação ao GB, tanto no DT (SDNN e RMSSD, como no DF (HF. O Red Bull® interferiu pouco no sistema simpático e na relação LF/HF nos GA e GB. Conclusões: O Red Bull® na dose empregada, aumentou a VFC por incremento do tônus parassimpáticos; não causou alteração no equilíbrio autonômico (relação LF/HF; esses achados confirmam os efeitos da cafeína sobre a VFC demonstrado em outros estudos. Objective: The objective is to analyze the heart rate variability in college students after energy drink intake. Materials and Methods. Prospective study, uni-blind which included normal individuals. All the students underwent electrocardiographic monitoring for 5 minutes before ingestion of 250 ml of Red Bull® (group A - GA or placebo (Group B - GB in a 3: 1 ratio, in a 10

  5. Análise da variabilidade genética de uma pequena população de Frieseomelitta varia (Hymenoptera, Apidae, Meliponini) por meio de análise do DNA mitocondrial, microssatélites e morfometria geométrica das asas

    OpenAIRE

    Paulo Henrique Pereira Gonçalves

    2010-01-01

    As abelhas da tribo Meliponini apresentam distribuição pantropical. São encontradas mais de 400 espécies pertencentes a 50 gêneros, sendo que mais de 300 estão presentes nas Américas. Os meliponíneos são responsáveis por grande parte da polinização das plantas nativas. A destruição das florestas tem ameaçado seriamente as abelhas sem ferrão, isolando-as em fragmentos e expondo-as ao endocruzamento e aos efeitos de perda de variabilidade genética. No presente estudo, foram empregadas análises ...

  6. COMPARAÇÃO ENTRE DOIS MÉTODOS DE AVALIAÇÃO DA VARIABILIDADE GENÉTICA EM VOLUME, DENSIDADE BÁSICA DA MADEIRA E MATÉRIA SECA DE Pinus tecunumanii (Schwd Eguiluz e Perry

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabio Bakker Isaias

    2004-01-01

    Full Text Available O volume, a densidade básica e o peso da matéria seca da madeira de oitenta e quatro árvores, de sete famílias de polinização aberta, procedência de Mountain Pine Ridge (MPR, Belize, de Pinus tecunumanii (Schwd Eguiluz e Perry foram estimados aos 12 e 17 anos de idade em experimento instalado em Planaltina, Distrito Federal. Para todos os parâmetros avaliados, houve diferenças significativas entre famílias, exceto para densidade básica, medidas aos 17 anos de idade. Aos 12 anos de idade, foram testados dois métodos de avaliação para densidade básica da madeira; um com os três melhores indivíduos da parcela, e outro com todos indivíduos da parcela. As médias de densidade foram de 0,425 g/cm3 e 0,424 g/cm3, praticamente iguais para as duas amostragens. A correlação da densidade básica entre as idades foi positiva e significativa, mostrando um ganho de 0,031 g/cm3 em 5 anos. A herdabilidade da densidade básica calculada aos 12 anos de idade, em nível individual, para família e dentro de família, considerando-se a amostragem com três e seis indivíduos, foi de respectivamente 0,43, 0,81, 0,33 e 0,47, 0,63, 0,37. Como conclusão, as seleções para densidade básica devem ser feitas preferencialmente em idades quando a competição entre os indivíduos ainda não atingiu níveis elevados. Ganhos consideráveis podem ser obtidos na seleção de indivíduos ou famílias dentro da população de MPR, Belize, na região do Cerrado. Será necessário trabalhar com populações de maior base genética.

  7. Impacto da variabilidade de peso na estabilidade metabólica dos pacientes transplantados cardíacos no Ceará Impact of weight variation on the metabolic stability of cardiac transplant patients in the state of Ceara

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniele Maria de Oliveira Carlos

    2008-04-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: As alterações de peso após o transplante cardíaco (TC freqüentemente ocorrem e aumentam os riscos de doenças secundárias. OBJETIVO: Determinar o impacto da variabilidade do peso nos níveis séricos de glicose, triglicérides, colesterol total e frações dos pacientes transplantados cardíacos. MÉTODOS: Estudo retrospectivo documental realizado com 82 pacientes adultos submetidos a TC entre outubro de 1997 e dezembro de 2005 no Ceará, sendo 83% do sexo masculino e a idade média de 45,06±12,04 anos. As variáveis estudadas foram o perfil biopatológico, o peso e o índice de massa corporal (IMC relacionadas às alterações bioquímico-metabólicas. Os dados foram descritos usando freqüências, medidas de tendência central, teste t de Student e coeficiente de correlação de Pearson. RESULTADOS: A média global do IMC aumentou de 23,77±3,68kg/m² antes do TC, para 25,48±3,92kg/m² no primeiro ano e para 28,38±4,97kg/m² no quinto. Os pacientes com sobrepeso/obesidade (IMC > 25 kg/m² apresentaram valores médios de glicose, colesterol total, lipoproteína de baixa densidade (LDL e triglicérides maiores que os pacientes com eutrofia/desnutrição (IMC BACKGROUND: Weight alterations post cardiac transplant (CT frequently occur and increase the risks of secondary diseases. OBJECTIVE: This study aimed at determining the impact of weight variability on serum levels of glucose, triglycerides, total cholesterol and its fractions of cardiac transplant patients. METHODS: This was a retrospective documental study held with 82 patients submitted to CT between October, 1997 and December, 2005 in Ceará, Brazil. 83% were male and the average age was 45.06±12.04 years. The studied variables were: biopathology profile, the weight and the body mass index (BMI related to the biochemical-metabolic alterations and to the survival. Data were described using frequencies, measures of central tendency, t-Student test and Pearson

  8. RAPD analysis of genetic variability in a multiprovenance base population of Eucalyptus grandis hill ex maiden Variabilidade genética através da técnica RAPD de uma população-base multiprocedências de Eucalyptus grandis hill ex maiden

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Susi Meire Maximino Leite

    2008-12-01

    Full Text Available This study aimed to evaluate the genetic variability among individuals of a base population of Eucalyptus grandis and to build a molecular marker database for the analyzed populations. The Eucalyptus grandis base population comprised 327 individuals from Coff's Harbour, Atherton and Rio Claro. A few plants came from other sites (Belthorpe MT. Pandanus, Kenilworth, Yabbra, etc.. Since this base population had a heterogeneous composition, the groups were divided according to geographic localization (latitude and longitude, and genetic breeding level. Thus, the influence of those two factors (geographic localization and genetic breeding level on the genetic variability detected was discussed. The RAPD technique allowed the evaluation of 70 loci. The binary matrix was used to estimate the genetic similarity among individuals using Jaccard's Coefficient. Parametric statistical tests were used to compare within-group similarity of the means. The obtained results showed that the base population had wide genetic variability and a mean genetic similarity of 0.328. Sub-group 3 (wild materials from the Atherton region showed mean genetic similarity of 0.318. S.P.A. (from Coff's Harbour region had a mean genetic similarity of 0.322 and was found to be very important for maintenance of variation in the base population. This can be explained since the individuals from those groups accounted for most of the base population (48.3% for it. The base population plants with genetic similarity higher than 0.60 should be phenotypically analyzed again in order to clarify the tendency of genetic variability during breeding programs.Este estudo visou avaliar a variabilidade e distância genética dentro de uma população-base de melhoramento genético de Eucalyptus grandis. A avaliação da variabilidade genética tem como objetivos principais analisar a base genética da população-base e montar um banco de dados marcadores moleculares da população em an

  9. Todos iguais, todos diferentes : a variabilidade genética humana.

    OpenAIRE

    Lima, Manuela

    2010-01-01

    A secção Biologia é coordenada pelo Professor Universitário Armindo Rodrigues. O estudo da variabilidade genética humana revela informações cruciais que permitem, ao nível biomédico, avanços nos conhecimentos acerca de várias doenças.

  10. Efeito da variabilidade da precipitação pluvial e do uso e manejo do solo sobre o escoamento superficial e o aporte de sedimento de uma bacia hidrográfica do Distrito Federal Effect of rainfall variability and land use on runoff and sediment in the Pipiripau river basin, in the Distrito Federal, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Henrique Marinho Leite Chaves

    2008-02-01

    Full Text Available O objetivo do presente trabalho foi avaliar o efeito da variabilidade da precipitação sobre o escoamento direto e sobre o aporte de sedimento na bacia do rio Pipiripau (A = 235 km², no Distrito Federal. Cinco anos típicos da série de precipitação foram selecionados: o ano mais úmido, o ano mais seco, o ano médio e dois anos que representaram os desvios-padrão da série (médio-seco e médio-úmido. Depois de o modelo ser calibrado com dados diários de chuva e vazão da bacia, simulações foram realizadas para cada evento chuvoso de cada um dos cinco anos selecionados da série, e o escoamento direto e o aporte de sedimento da bacia foram calculados com a MUSLE em três diferentes cenários de uso e manejo do solo: o cenário atual, onde predomina o preparo convencional do solo (PC nas áreas de agricultura da bacia; o passado recente, em que predominava o Cerrado nativo (CER; e o cenário de plantio direto (PD, nas áreas de agricultura da bacia. Apesar de as vazões médias anuais observadas terem apresentado relação linear com os volumes de precipitação pluvial anual, em todos os cenários, o escoamento direto e o aporte de sedimento apresentaram aumento exponencial com o aumento da precipitação pluvial anual, sendo esse mais pronunciado na condição de preparo convencional (PC do que nos outros cenários estudados (CER e PD. O aumento observado pode ser explicado pela não-linearidade do modelo MUSLE ao volume de precipitação e ao volume de escoamento.The objective of this study was to evaluate the effect of the rainfall variability on the runoff and sediment amount in the Pipiripau river basin (A = 235 km², in the Distrito Federal, Brazil. To represent the climatic variability of the historic precipitation series, 5 years were selected: the moistest, the driest, an average, and 2 years representing the standard deviations from the series (half-wet and half-dry. After the calibration of the model with basin rainfall and

  11. Efeitos do treinamento em técnica respiratória do Yoga sobre a função pulmonar, a variabilidade da freqüência cardíaca, a qualidade de vida, a qualidade de sono e os sintomas de estresse em idosos saudáveis

    OpenAIRE

    Danilo Forghieri Santaella

    2011-01-01

    Introdução: O envelhecimento está associado com a diminuição de uma série de funções, incluindo a função pulmonar, a variabilidade da freqüência cardíaca, o barorreflexo espontâneo, a qualidade de vida e de sono, assim como com o aumento de níveis de estresse. Estudos recentes sugerem que os exercícios respiratórios do Yoga podem melhorar as funções respiratória e cardiovascular, além de aumentar a qualidade de vida e de sono e reduzir os sintomas de estresse em populações de pacientes com do...

  12. Autonomic modulation of arterial pressure and heart rate variability in hypertensive diabetic rats Modulação autonômica da pressão arterial e variabilidade da freqüência cardíaca em ratos hipertensos e diabéticos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vera de Moura Azevedo Farah

    2007-01-01

    Full Text Available OBJECTIVE: The aim of the present study was to evaluate the autonomic modulation of the cardiovascular system in streptozotocin (STZ-induced diabetic spontaneously hypertensive rats (SHR, evaluating baroreflex sensitivity and arterial pressure and heart rate variability. METHODS: Male SHR were divided in control (SHR and diabetic (SHR+DM, 5 days after STZ groups. Arterial pressure (AP and baroreflex sensitivity (evaluated by tachycardic and bradycardic responses to changes in AP were monitored. Autoregressive spectral estimation was performed for systolic AP (SAP and pulse interval (PI with oscillatory components quantified as low (LF:0.2-0.6Hz and high (HF:0.6-3.0Hz frequency ranges. RESULTS: Mean AP and heart rate in SHR+DM (131±3 mmHg and 276±6 bpm were lower than in SHR (160±7 mmHg and 330±8 bpm. Baroreflex bradycardia was lower in SHR+DM as compared to SHR (0.55±0.1 vs. 0.97±0.1 bpm/mmHg. Overall SAP variability in the time domain (standard deviation of beat-by-beat time series of SAP was lower in SHR+DM (3.1±0.2 mmHg than in SHR (5.7±0.6 mmHg. The standard deviation of the PI was similar between groups. Diabetes reduced the LF of SAP (3.3±0.8 vs. 28.7±7.6 mmHg2 in SHR, while HF of SAP were unchanged. The power of oscillatory components of PI did not differ between groups. CONCLUSIONS: These results show that the association of hypertension and diabetes causes an impairment of the peripheral cardiovascular sympathetic modulation that could be, at least in part, responsible for the reduction in AP levels. Moreover, this study demonstrates that diabetes might actually impair the reduced buffer function of the baroreceptors while reducing blood pressure.OBJETIVO: O objetivo do presente estudo foi investigar a modulação autonômica do sistema cardiovascular em ratos espontâneamente hipertensos (SHR e diabéticos por estreptozotocina (STZ, avaliando a sensibilidade do reflexo barorreceptor e a variabilidade da pressão arterial e da

  13. Variabilidade do vento na bacia hidrográfi ca do rio São Francisco durante a ocorrência da ZCAS / Variability of the wind in the hidrographic basin of the São Francisco river during ZCAS occurrence

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Djane Fonseca da Silva

    2008-05-01

    Full Text Available O rio São Francisco é um dos rios brasileiros mais extensos e sua importância também está no volume de água transportado por ele através da região semi-árida, na sua contribuição histórica e econômica para fi xação das populações ribeirinhas e na criação das cidades hoje plantadas ao longo do vale. O principal mecanismo produtor de chuvas sobre a bacia do rio São Francisco é a Zona de Convergência do Atlântico Sul (ZCAS. A intensidade e direção do vento são variáveis de grande interesse nos estudos de balanço de água. Portanto, o presente trabalho tem como objetivo estudar a climatologia do vento e sua variabilidade na bacia do rio São Francisco. Foram utilizados dados mensais de ventos, componentes zonal e meridional, oriundos da Reanálise do NCEP/NCAR no período de 1982-1994, em três faixas de longitude (40ºW, 42,5ºW e 45ºW entre as latitudes de 25ºS e 5ºS. Observou-se que nas longitudes de 42,5ºW e 45ºW, a posição média da ZCAS está em torno de 20º S. Também foi observado que a posição da ZCAS apresenta uma grande variabilidade interanual, pois, de dezembro/1982 a fevereiro/1983 a ZCAS posicionou-se ao sul de 25ºS, enquanto no período de dezembro/1988 a fevereiro/1989 estava em torno de 15ºS. O posicionamento médio meridional da ZCAS em torno de 20º é de fundamental importância para produção de chuva sobre a bacia do rio São Francisco.

  14. Spatial variability of leaf wetness duration in cotton, coffee and banana crop canopies Variabilidade espacial da duração do período de molhamento foliar nas culturas do algodão, do café e da banana

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eduardo Alvarez Santos

    2008-12-01

    Full Text Available Despite the importance of leaf wetness duration for plant disease epidemiology, there has been little attention paid to research on how its variability relates to different cropping situations. The objective of this study was to evaluate the spatial variability of leaf wetness duration (LWD in three crops, comparing these measurements with turfgrass LWD, obtained in a standard weather station. LWD was measured by electronic sensors in three crops with different canopy structures and leaf area: cotton, coffee and banana. For the cotton crop, cylindrical sensors were deployed at the lower third and on the top of the canopy, facing southwest. For the coffee crop, flat plate sensors were installed in the lower third of the canopy facing northeast and southwest; in the middle third facing northeast and southwest; and inside and on the top of the canopy. For the banana canopy, cylindrical sensors were used to measure LWD in the lower third of the canopy and in the upper third of the plant. Turfgrass LWD was simultaneously measured in a nearby standard weather station. The LWD showed different patterns of variation in the three crop canopies. For coffee plants, the longest LWD was found in the lower portions of the canopy; for the banana crop, the upper third of the canopy showed the longest LWD; whereas for the cotton crop no difference was observed between the top and lower third of the canopy. Turfgrass LWD presented a good relationship with LWD measured on the top or in the upper third of the crops. Thus, the estimate of crop LWD can be perfomed based on turfgrass LWD, this being a useful tool for plant disease management purposes for crops in which the longer LWD occurs at the upper canopy portion.Apesar da importância da duração do período de molhamento para a epidemiologia de doenças de plantas, pouca atenção tem sido dada à sua variabilidade em diferentes posições da cultura. O objetivo deste estudo foi avaliar a variabilidade

  15. Determinação da variabilidade em isolados de Colletotrichum lindemuthianum por meio de marcadores morfológicos e culturais Determination of variability in isolates of Colletotrichum lindemuthianum based on morphological and cultural markers

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Breno Oliveira de Souza

    2007-08-01

    Full Text Available Colletotrichum lindemuthianum (teleomorfo Glomerella cingulata f. sp. phaseoli apresenta ampla variabilidade genética, demonstrada por suas características morfológicas. Com este trabalho, objetivou-se caracterizar, por meio de marcadores morfológicos, diferentes isolados de C. lindemuthianum e identificar marcadores morfológicos com uso potencial em análises genéticas. Foram avaliados os seguintes caracteres morfológicos e culturais: cor e textura das colônias, compatibilidade vegetativa e sexual, índice de velocidade de crescimento micelial (IVCM, diâmetro colonial (DC, capacidade de esporulação (CE, dimensões e formas conidiais, dimensões dos ascósporos, formação de estruturas reprodutivas e formação de anastomoses entre hifas e conídios. Os resultados obtidos demonstraram que os isolados de C. lindemuthianum possuem ampla variabilidade genética para todas as características avaliadas e que a forma do conídio pode ser usada como marcador morfológico em análises genéticas.Colletotrichum lindemuthianum (teleomorfo Glomerella cingulata f. sp. phaseoli presents wide genetic variability, demonstrated by its morphological traits. The objective of this study was to characterize morphological markers in different isolates of C. lindemuthianum and, to identify useful morphological markers in genetic analyses. The following morphological and cultural traits were evaluated: color and texture of the colonies, vegetative and sexual compatibility, micelial growth index (MGI, colonial diameter (CD, esporulation capacity (EC, conidia dimensions and form, ascospores dimensions and formation of reproductive structures. The data showed wide genetic variability for all traits and that conidial form can be used as morphological marker in genetic analysis.

  16. Variabilidade sazonal da relação entre a radiação fotossinteticamente ativa e a radiação global na bacia do rio Doce, Estado de Minas Gerais = Seasonal variability of the relationship between the photosynthetically active radiation and the global radiation at the river Doce basin, Minas Gerais State

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antonio José Steidle Neto

    2006-07-01

    Full Text Available O conhecimento da Radiação Fotossinteticamente Ativa (RFA é importante para diferentes áreas relacionadas à fisiologia vegetal e ciências agrárias. Modelos de estimativa de RFA a partir da Radiação Global (Rg são extremamente úteis, visto que a Rg é convencionalmente medida nas estações meteorológicas. Assim, analisou-se a variabilidade sazonal da relação RFA/Rg em cinco áreas localizadas na bacia do rio Doce, Estado de Minas Gerais, considerando-se os períodos secos e chuvosos dos anos de 2001 a 2004. As relações RFA/Rg obtidas para os períodos secos e chuvosos, assim como para todos os dados, apresentaram concordância com as relações determinadas por diversos pesquisadores em diferentes áreas do mundo. Analisando-se os resultados, constatou-se que, de maneira geral,as relações RFA/Rg tendem a ser superiores durante os períodos chuvosos comparativamente aos secos. Por este estudo, pôde-se concluir que existe variação interanual desta relação, demonstrando assim a necessidade de se considerar esta variabilidade para estimaradequadamente a RFA a partir da Rg. The knowledge of the Photosynthetically Active Radiation (PAR is important to different areas of vegetal physiology and agricultural sciences. Estimation models of the PAR based on the Global Radiation (GR are extremely useful, since the GR is conventionally measured atthe meteorological stations. Thus, the seasonal variability of the relationship PAR/GR was analyzed in five areas located at the river Doce basin, Minas Gerais State, Brazil, considering the dry and wet periods of the years 2001 to 2004. The relationships PAR/GR obtained for the dry and wet periods, and also to all data, presented agreement with those ones determined by several researchers in different areas of the world. Results showed that the relationshipsPAR/GR generally tend to be greater during the wet periods when compared with the dry ones. By this work, it could be concluded that

  17. Variabilidade da frequência cardíaca, lípides e capacidade física de crianças obesas e não-obesas Variabilidad de la frecuencia cardiaca, lípidos y capacidad física de niños obesos y no obesos Heart rate variability, blood lipids and physical capacity of obese and non-obese children

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mário Augusto Paschoal

    2009-09-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A obesidade pode afetar a modulação autonômica cardíaca, os lípides do sangue e a capacidade física. OBJETIVO: Estudar a interferência da obesidade sobre a variabilidade da frequência cardíaca (VFC, os lípides do sangue e a capacidade física de crianças obesas. MÉTODOS: Foram estudadas 30 crianças com idades entre 9 a 11 anos, divididas em dois grupos: a 15 crianças obesas (O com 10,2 ± 0,7 anos de idade e índice de massa corporal (IMC no percentil entre 95 e 97; b 15 crianças não-obesas (NO com 9,8 ± 0,7 anos de idade e IMC no percentil entre 5 e 85. Todas foram submetidas a avaliação antropométrica e clínica, análise da VFC ao repouso e a um protocolo de esforço (PE. Utilizaram-se testes não-paramétricos para comparar as variáveis entre os grupos, e o nível de significância aplicado foi de p FUNDAMENTO: La obesidad puede afectar la modulación autonómica cardiaca, los lípidos de la sangre y la capacidad física. OBJETIVO: Estudiar la interferencia de la obesidad sobre la variabilidad de la frecuencia cardiaca (VFC, los lípidos de la sangre y la capacidad física de niños obesos. MÉTODOS: Se estudiaron a 30 niños con edades entre 9 y 11 años, divididos en dos grupos: a 15 niños obesos (O con 10,2 ± 0,7 años de edad e índice de masa corporal (IMC en el percentil entre 95 y 97; b 15 niños no obesos (NO con 9,8 ± 0,7 años de edad e IMC en el percentil entre 5 y 85. Todos se sometieron a evaluación antropométrica y clínica, análisis de la VFC al reposo y a un protocolo de esfuerzo (PE. Se utilizaron pruebas no paramétricas para comparar las variables entre los grupos, y el nivel de significancia aplicado fue de p BACKGROUND: Obesity can affect the cardiac autonomic modulation, blood lipid levels and the physical capacity. OBJECTIVE: To study the effect of obesity on the heart rate variability (HRV, blood lipid levels and physical capacity of obese children. METHODS: Thirty children aged

  18. Determination of spatial variability of aluminum according to the clay distribution in soils of Querência do Norte/Paraná State, BrazilDeterminação da variabilidade espacial de alumínio em função da distribuição de argila em solos de Querência do Norte/Paraná, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcelo Luiz Chicati

    2011-10-01

    Full Text Available The major part of Brazilian soils shows elevated aluminum contents and in several cases this element occurs in phytotoxic levels. Aluminum is a constituent of the soil´s clay minerals. Its release can occur to the exchangeable fraction or to the soil solution. The objective of this work was to demonstrate the relationship between the spatial variability of aluminum and the distribution of soil clay. In order to achieve that, a grid of soil samples was collected in field, defined by means of photointerpretation and observation of images. The results obtained in laboratory were submitted to statistical analyses to verify spatial dependence, which was proven later. The space continuity was studied by means of the semivariogram’s elaboration using different models. The best semivariograms were chosen by cross validation performed through "ordinary kriging". Thus, it could be observed that these variables showed structure of spatial dependence, with a positive correlation between them, besides it was possible to make maps in order to allow a better agricultural exploitation.A maior parte dos solos brasileiros possui altos teores de alumínio e, em muitos casos, este elemento ocorre em níveis fitotóxicos. Constituinte dos minerais de argila, pode ter sua liberação diretamente na forma trocável ou para a solução do solo. O objetivo deste trabalho foi demonstrar a relação entre a variabilidade espacial do alumínio e a distribuição de argila do solo. Para isto, foi coletada uma malha de amostras de solo em campo, definida por meio de fotointerpretação e observação de imagens. Os resultados obtidos em laboratório foram submetidos a análises estatísticas visando a verificação da dependência espacial, que foi comprovada posteriormente. A continuidade espacial foi estudada mediante a elaboração de semivariogramas utilizando-se diferentes modelos. Os melhores semivariogramas foram escolhidos mediante a validação cruzada executada

  19. Método do limiar de variabilidade da frequência cardíaca aplicado em pré-adolescentes obesos e não obesos Método del umbral de variabilidad de la frecuencia cardíaca aplicado en preadolescentes obesos y no obesos Method of heart rate variability threshold applied in obese and non-obese pre-adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mário Augusto Paschoal

    2011-06-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A detecção do limiar anaeróbico (LA pela análise da variabilidade da frequência cardíaca (LiVFC pode significar uma nova maneira de avaliação da capacidade funcional cardiorrespiratória (CFCR em pré-adolescentes. OBJETIVO: Testar o método de LiVFC para detecção do LA em pré-adolescentes não obesos (NO, obesos (O e obesos mórbidas (OM, a fim de determinar diferenças em sua CFCR. MÉTODOS: Foram estudados 30 pré-adolescentes, com idades entre 9 e 11 anos, divididos em três grupos de 10: a grupo NO - índice de massa corpórea (IMC com percentil do National Center for Chronic Disease Prevention and Health Promotion entre 5 e 85; b grupo O - IMC de percentil entre 95 e 97 e c grupo OM - IMC com percentil acima de 97. Todos foram submetidos a um protocolo incremental realizado em esteira rolante e registraram-se os batimentos cardíacos para detecção do LiVFC, que foi determinado pelo valor de 3,0 ms do índice do desvio-padrão 1 (SD1, extraído dos intervalos RR. RESULTADOS: Os valores médios no momento do LiVFC mostraram maiores valores para o grupo NO, destacando-se: a VO2 (ml/kg/min NO = 27,4 ± 9,2; O = 13,1 ± 7,6 e OM = 11,0 ± 1,7; b FC (bpm: NO = 156,3 ± 18,0; O =141,7 ± 11,4 e OM = 137,7 ± 10,4; e c distância percorrida (metros: NO = 1.194,9 ± 427,7; O = 503,2 ± 437,5 e OM = 399,9 ± 185,1. CONCLUSÃO: O LiVFC se mostrou efetivo para avaliação da CFCR e poderá vir a ser aplicado como método alternativo à ergoespirometria em determinadas situações.BACKGROUND: La detección del umbral anaeróbico (UA por el análisis de la variabilidad de la frecuencia cardíaca (LiVFC puede significar una nueva manera de evaluación de la capacidad funcional cardiorrespiratoria (CFCR en preadolescentes. OBJECTIVE: Testear el método de LiVFC para detección del UA en preadolescentes no obesos (NO, obesos (O y obesos mórbidos (OM, a fin de determinar diferencias en su CFCR. METHODS: Fueron estudiados 30

  20. Variabilidade genética da produção anual da seringueira: estimativas de parâmetros genéticos e estudo de interação genótipo x ambiente Genetic variability of rubber tree annual yielding: estimates of genetic parameters and study of genotype x environment interaction

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo de Souza Gonçalves

    1990-01-01

    Full Text Available Selecionaram-se dezenove genótipos de seringueira (Hevea brasiliensis Muell. Arg. considerados como os melhores em vigor e produção em uma população de pés francos estabelecidos no campo de ensaios da Estação Experimental de Pindorama, com o objetivo de estudar a variabilidade genética e ambiental e a interação genótipo x ambiente sobre a produção durante cinco anos. Com base na análise da variância anual e conjunta, estimaram-se parâmetros genéticos para produção, na tentativa de quantificar o ganho genético com a seleção, e as correlações genéticas e fenotfpicas das produções ano a ano. Os resultados das análises da variância dentro de anos mostraram efeitos significativos para genótipos, sendo os efeitos da interação genótipo x ambiente altamente significativos. As estimativas de herdabilídade, no sentido amplo, ao nível de médias de parcelas, foram altas, com amplitude de 0,57 a 0,77, respectivamente, para o segundo e quinto ano de produção. As maiores percentagens de ganho genético foram obtidas no primeiro e quinto ano de produção, 39,03 e 27,57 respectivamente. Correlações genéticas e fenotípicas entre anos de sangria foram altas e significativas. Os altos valores de herdabilidade e ganho genético para o primeiro ano de sangria indicam que a seleção massal conduzida nesta fase proporciona, efetivamente, maior ganho na seleção.Nineteen rubber trees (Hevea brasiliensis Muell. Arg. considered as the best in growth and yield performance, were selected from a mature seedling population in the experimental field at the Pindorama Experiment Station of the "Instituto Agronômico de Campinas", São Paulo State, Brazil. Studies were carried out aiming to assess the annual environmental influence on genetic variation in five years of yielding. Components of variance were estimated from these analyses in an attempt to quantify genotype x environment interactions. The results of the analysis of

  1. Spatial variability of co2 emission, temperature and moisture of a bare oxisol submitted to different wetting levels / Variabilidade espacial da emissão de CO2, da temperatura e umidade de um latossolo desprovido de vegetação sob diferentes lâminas de molhamento

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Newton La Scala Júnior

    2009-03-01

    pontos mais próximos do aspersor e aproximadamente zero para os pontos mais distantes. Os mapas de variação espacial das variáveis, bem como a correlação linear entre elas, indica que as emissões estiveram positivamente relacionadas à umidade do solo e negativamente correlacionadas à temperatura do solo, após os eventos de molhamento da área. Os modelos de variabilidade espacial da emissão de CO2 mudam de exponencial para esféricos logo após os eventos de irrigação. Tais resultados indicam que o fator limitante à emissão de CO2 do solo foi a umidade, pois, a despeito das reduções na temperatura do solo provocadas pelo molhamento, as emissões foram fortemente aumentadas.

  2. The impact of climatic variability and climate change on arabic coffee crop in Brazil Impacto da variabilidade e da mudança climática na produção de café arábica no Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcelo Bento Paes de Camargo

    2010-01-01

    Full Text Available The climatic variability is the main factor responsible for the oscillations and frustrations of the coffee grain yield in Brazil. The relationships between the climatic parameters and the agricultural production are quite complex, because environmental factors affect the growth and the development of the plants under different forms during the growth stages of the coffee crop. Agrometeorological models related to the growth, development and productivity can supply information for the soil water monitoring and yield forecast, based on the water stress. A soil water balance during different growth stages of the coffee crop, can quantify the effect of the available soil water on the decrease of the final yield. Other climatic factors can reduce the productivity, such as adverse air temperatures happened during different growth stages. Solar radiation and relative humidity influence many physiological processes of the coffee tree but are not generally thought to play an important role as thermal and rainfall conditions in defining potential yield or ecological limitations for this crop. According to the last report of the Intergovernmental Panel on Climate Change (IPCC, 2007, the global temperature is supposed to increase 1.1ºC to 6.4ºC and the rainfall 15% in the tropical areas of Brazil. Some Global warming projections as presented by IPCC will cause a strong decrease in the coffee production in Brazil. According to the literature besides the reduction of suitable areas for coffee production, the crop will tend to move South and uphill regions. This review article analyze the effect that these possible scenarios would have in the agro-climatic coffee zoning in Brazil, and adaptive solutions, such as agronomic mitigations and development of cultivars adapted to high temperatures is considered.A variabilidade climática é o principal fator responsável pelas oscilações e frustrações da produção de café no Brasil. As relações entre os

  3. Razões entre componentes da variabilidade de características quantitativas simuladas com efeitos genéticos de dominância e sobredominância Ratios between variability components of simulated quantitative traits with genetic effects of dominance and overdominance

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elizângela Emídio Cunha

    2009-10-01

    Full Text Available Foram avaliadas as razões entre componentes da variabilidade de características quantitativas simuladas a partir de genoma incorporando efeitos genéticos não-aditivos em populações de acasalamento ao acaso e de seleção fenotípica a curto prazo. Estudaram-se uma característica de baixa (h² = 0,10 e outra de alta herdabilidade (h² = 0,60 influenciadas por 600 locos bialélicos. Cinco modelos de ação gênica foram simulados, dos quais quatro incluíram dominância completa e positiva para 25, 50, 75 e 100% dos locos (D25, D50, D75 e D100, respectivamente; e um modelo incluiu sobredominância positiva para 50% dos locos. Todos os modelos incluíram efeitos aditivos dos alelos para 100% dos locos. As principais razões quantificadas foram d² (variância de dominância/variância fenotípica e d²a (variância de dominância/variância aditiva. Para as duas características, d² e d²a aumentaram de acordo com o acréscimo na variância de dominância, decorrente da inclusão crescente de locos com desvio da dominância e sob sobredominância. No mesmo modelo, ambas as razões, sobretudo d², são mais elevadas sob alta herdabilidade, o que indica que os efeitos da dominância explicam a maior parte da variabilidade total dessa característica sob seleção.Ratios were assessed between variability components of quantitative traits simulated from the genome incorporating non-additive genetic effects in random mating populations and short-term phenotypic selection. A trait of low (h² = 0.10 heritability and another of high (h² = 0.60 heritability were studied, both influenced by 600 bi-allelic loci. Five gene action models were simulated, of which four included complete and positive dominance for 25, 50, 75 and 100% of the loci (D25, D50, D75 and D100, respectively; and one model included positive overdominance for 50% of the loci. Every model included additive effects of the alleles for 100% of the loci. The main quantified ratios were

  4. Caracterização e estimativa da variabilidade genética de genótipos de cebola Characterization and estimation of genetic variability of onion genotypes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gerson Henrique Wamser

    2012-06-01

    Full Text Available Este trabalho teve como objetivo caracterizar genótipos de cebola cultivados em Santa Catarina e estimar a variabilidade genética existente entre os mesmos. Para isto foram avaliados quinze genótipos de cebola em dois ambientes, Ituporanga e Lages. O delineamento utilizado foi de blocos casualizados, com três repetições em cada ambiente. Foram avaliados o comprimento do pseudocaule; número de folhas por pseudocaule; diâmetro do pseudocaule; diâmetro do bulbo; altura do bulbo; peso do bulbo; relação altura:diâmetro do bulbo; produção total de bulbos; formato do bulbo; porcentagem de florescimento e porcentagem de bulbos podres. Os dados foram submetidos à análise de variância multivariada. Houve efeito significativo para a interação genótipos x ambientes, fato que causou diferenças nos valores de dissimilaridade em cada local. Foi elaborada uma matriz de dissimilaridade utilizando a distância de Mahalanobis. Os caracteres morfológicos e agronômicos utilizados foram suficientes para caracterizar os genótipos, indicando que os programas de melhoramento dispõem de uma ampla base genética para o desenvolvimento de novas cultivares.This study aimed to characterize onion genotypes grown in Santa Catarina state, Brazil and to estimate their genetic variability. Fifteen onion genotypes were evaluated in two locations, Ituporanga and Lages. The experimental design was of randomized blocks with three replications in each environment. We evaluated the length of the pseudostem, number of leaves per pseudostem, stem diameter, bulb diameter, height of the bulb, bulb weight, height:diameter ratio; total production of bulbs, bulb shape, flowering percentage and percentage of rotten bulbs. The data were subjected to multivariate analysis of variance. The results showed significant effects for genotype-environment interaction, fact that was reflected in the values of dissimilarity in each location. A matrix of dissimilarity was prepared

  5. EXPLORANDO TEMPERATURAS MÁXIMAS Y MÍNIMAS EN DIFERENTES REANÁLISIS. PARTE 2: VARIABILIDAD EN DIFERENTES ESCALAS TEMPORALES

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pablo Gabriel Zaninelli

    2015-06-01

    Full Text Available Se analiza la variabilidad de la temperatura máxima en verano (TX y de la mínima en invierno (TN en el sudeste de Sudamérica (SESA en el período 1961-2000 empleando una climatología observacional y tres reanálisis multidecádicos (NCEP, ERA40, 20CR. Se describen también los cambios entre los períodos 1981-2000 y 1961-1980 en la variabilidad diaria, en la interanual y en los extremos (percentiles 75 y 25 de TX y TN. El patrón geográfico de los cambios entre los dos períodos de la variabilidad diaria de TX y TN es similar al patrón geográfico de los cambios en los extremos de estas variables. Sobre la Argentina en general se encuentra una disminución en la frecuencia de días calurosos en verano y de noches frías en invierno consistente con una disminución en la variabilidad diaria. La máxima variabilidad interanual de TX se da en una zona de transición que incluye gran parte del centro y norte argentino, donde la humedad del suelo regula la variabilidad de la evapotranspiración dando lugar a feedbacks con la atmósfera. Los cambios entre los dos períodos sugieren un corrimiento hacia el sudoeste en la zona de máxima variabilidad interanual de TX en la climatología observacional posiblemente asociado con cambios en la variabilidad de la precipitación. En general los reanálisis tienen dificultades para capturar los principales patrones geográficos de los cambios de la variabilidad diaria e interanual de TX y TN entre los dos períodos

  6. Variabilidade espacial do macrobentos em uma área de plataforma interna próxima à desembocadura da Baía de Paranaguá - Paraná - Brasil

    OpenAIRE

    Prantoni, Alessandro Lívio

    2010-01-01

    Resumo: Uma das características mais marcantes das associações bênticas é a distribuição dos organismos em manchas ao longo do espaço e do tempo. Neste sentido, definir ou reconhecer padrões de distribuição exige o conhecimento da importância relativa das diversas escalas espaciais envolvidas. Este estudo avalia os padrões de distribuição espacial das associações macrobênticas em uma área ao largo da plataforma continental interna do Estado do Paraná (25° 37’ 18’’ S e 48° 23’ 57’’ W), próximo...

  7. Variabilidade do risco do tempo de permanência ajustado para lactentes de muito baixo peso ao nascer entre centros da Neocosur South American Network Center variability in risk of adjusted length of stay for very low birth weight infants in the Neocosur South American Network

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Guillermo Marshall

    2012-12-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Desenvolver um modelo de predição para o tempo de permanência hospitalar (TPH em lactentes de muito baixo peso ao nascer (MBPN e comparar esse resultado entre 20 centros de uma rede neonatal, visto que o TPH é utilizado como uma medida da qualidade da assistência em lactentes de MBPN. MÉTODOS: Utilizamos dados coletados prospectivamente de 7.599 lactentes com peso ao nascer entre 500 e 1.500 g no período entre os anos de 2001 a 2008. O modelo de regressão de Cox foi empregado para desenvolver dois modelos de predição: um modelo prévio com dados do nascimento e outro posterior, que acrescenta morbidades relevantes dos primeiros 30 dias de vida. RESULTADOS: A mediana do TPH estimado e ajustado a partir do nascimento foi de 59 dias; 28 dias depois do tempo de sobrevida de 30 dias. Houve uma alta correlação entre os modelos (r = 0,92. O TPH esperado e o TPH observado variaram bastante entre os centros, mesmo depois de correção para as morbidades relevantes após 30 dias. O TPH mediano (variação: 45-70 dias e a idade concepcional na alta hospitalar (variação: 36,4-39,9 semanas refletem uma variabilidade alta entre centros. CONCLUSÃO: Um modelo simples, com fatores apresentados no nascimento, pode predizer o TPH de um lactente de MBPN em uma rede neonatal. Observou-se uma variabilidade nos TPHs considerável entre unidades de terapia intensiva neonatal. Especulamos que os resultados sejam provenientes das diferenças entre as práticas dos centros.OBJECTIVES: To develop a prediction model for hospital length of stay (LOS in very low birth weight (VLBW infants and to compare this outcome among 20 centers within a neonatal network. METHODS: Data from 7,599 infants with birth weights of 500-1,500 g born between the years 2001-2008 were prospectively collected. The Cox regression model was employed to develop two prediction models: an early model based upon variables present at birth, and a late one that adds relevant

  8. CARACTERÍSTICAS MORFOLÓGICAS E VARIABILIDADE GENÉTICA DE ARATICUM UTILIZANDO MARCADORES RAPD E MICROSSATÉLITES

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    MARCELA VERSIANI VENÂNCIO PIRES

    2015-03-01

    Full Text Available RESUMO Neste trabalho, objetivou-se avaliar a variabilidade genética da coleção de trabalho de acessos de araticum da Embrapa Cerrados e outros materiais próximos ao Distrito Federal, utilizando marcadores moleculares RAPD, microssatélites e análise de características morfológicas. Folhas de 18 acessos de araticum foram coletadas e utilizadas para a extração das amostras de DNA genômico, as quais foram amplificadas para obtenção de marcadores moleculares RAPD e microssatélites. Na análise morfológica, foram avaliadas 23 características dos acessos de araticum. As dissimilaridades genéticas entre os 18 genótipos de araticum evidenciaram a variabilidade genética dos acessos e as análises de agrupamento levaram à formação de três grupos de similaridade. Verificaram-se coeficientes de dissimilaridades genéticas baixos entre os materiais oriundos da Embrapa Cerrados e altos entre os outros materiais. Esses acessos são importantes fontes de variabilidade para o enriquecimento da atual coleção de trabalho da Embrapa Cerrados e para futuros estudos de caracterização morfológica e agronômica.

  9. Variabilidade espacial da emissão de CO2 em Latossolos sob cultivo de cana-de-açúcar em diferentes sistemas de manejo Spatial variability of CO2 emission on Oxisol soils cultivated with sugar cane under different management practices

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alan R. Panosso

    2008-06-01

    Full Text Available Neste trabalho, foi determinada a estrutura da variabilidade espacial da emissão de CO2, temperatura e umidade de solos desprovidos de vegetação em duas localidades sob cultivo da cana-de-açúcar, em sistemas de manejos de cana crua e de cana queimada, no nordeste do Estado de São Paulo. A emissão de CO2 e a temperatura do solo foram registradas utilizando-se de câmara de fluxo portátil e sensor de temperatura do sistema LI-6400. A umidade foi avaliada utilizando sistema portátil TDR. A maior emissão foi observada no local sob manejo de cana queimada, com valor médio de 2,05 μmol m-2 s-1, porém a dependência espacial na emissão de CO2 foi encontrada somente na área sob manejo de cana crua. Os mapas de krigagem da emissão de CO2, temperatura e umidade do solo sob manejo de cana queimada mostraram correspondência à declividade do terreno, com as maiores emissões e temperaturas localizadas na parte mais alta, sendo as maiores umidades do solo encontradas na parte mais baixa do local estudado. Os resultados indicam correlação linear positiva da emissão de CO2 com a temperatura, e negativa com a umidade do solo somente no local com manejo de cana queimada, e não no sistema de cana crua, onde a presença de palhada certamente impede a ação direta da radiação solar e o escoamento de chuvas.In this work, it was determined the spatial variability structure of soil CO2 emission, the temperature and the soil moisture in two locations currently cultivated with sugar cane and submitted to different management systems: slash/burn and no-till, in the northeast of São Paulo State. The soil CO2 emission and the soil temperature were registered by using a portable chamber and a temperature sensor of LI-6400 system. Soil moisture was measured by a portable TDR system. The highest emission was observed in the slash and burn plot, with an average value of 2.05 μmol m-2 s-1, but spatial variability structure was observed just for the CO2

  10. Variabilidade em população base de pimenteiras ornamentais (Capsicum annuum L.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João José da Silva Neto

    2014-02-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi caracterizar progênies de uma população base de pimenteiras (Capsicum annuum L.. Foram utilizadas 54 plantas de uma geração F2 de pimenteiras ornamentais, para se avaliarem os seguintes caracteres morfoagronômicos: altura da planta (AP, diâmetro da copa (DDC, altura da primeira bifurcação (APB, diâmetro do caule (DCL, comprimento da folha (CFL, largura da folha (LFL, comprimento da corola (CDC, comprimento de antera (CANT, comprimento do estilete (CES e largura da pétala (LAP. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado, com três repetições. Os dados foram submetidos à Análise de Variância, com posterior agrupamento das médias para o teste de Scott-Knott (p<0,01. Com exceção do CANT, verificaram-se diferenças significativas para os demais descritores, pelo Teste F. O DCL foi o descritor com maior herdabilidade (99,49%, seguido de DDC (96,14% e APB (94,05%. O caractere DCL apresentou maior variabilidade entre as plantas, formando 13 classes, seguido de DDC, com oito e APB, com seis classes. Quando se utilizaram as técnicas multivariadas, foi possível agrupar as 54 plantas em oito grupos, sendo o grupo 1 o que reuniu maior número de plantas (35. A característica que mais contribuiu para a divergência genética foi o diâmetro do caule (68,97%, seguida pelo diâmetro da copa (9,22%, altura da primeira bifurcação (6,76% e altura da planta (4,58%. Já as características de flor foram as que menos contribuíram para a variabilidade (10,47%. Houve variabilidade entre as plantas estudadas, sendo possível praticar seleção dentro dessa família, dando continuidade ao Programa de Melhoramento de Pimenteiras.

  11. Análise da variabilidade genética aditiva de características de crescimento na raça Nelore Additive genetic variability analysis in the growth characteristics of Nellore breed

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roberta Lisboa Pontes Gestal de Siqueira

    2003-02-01

    Full Text Available Foram utilizados dados de cinqüenta e um rebanhos participantes do Programa de Melhoramento Genético da Raça Nelore (PMGRN, distribuídos nos estados de Goiás (GO, Mato Grosso do Sul (MS, Mato Grosso (MT, Minas Gerais (MG, São Paulo (SP, Maranhão (MA e Bahia (BA. Foram obtidas estimativas de parâmetros genéticos para os pesos padronizados aos 120 (P120, 455 (P455 e 550 (P550 dias de idade. Análises unicaráter e bicaráter foram realizadas por modelo animal usando o aplicativo MTDFREML. Para P120 foi utilizado um modelo que incluiu como efeitos fixos, grupo de contemporâneos e classe de idade da vaca ao parto, e como aleatórios, os efeitos genéticos direto, materno e de ambiente permanente da vaca. Para P455 e P550, o modelo utilizado incluiu os mesmos efeitos fixos e o efeito genético direto do animal. ANas análises unicaráter, as estimativas de herdabilidade direta foram 0,29, 0,51 e 0,47 para P120, P455 e P550, respectivamente. Nas análises bicaráter, observaram-se coeficientes de herdabilidade direta de 0,50 e 0,58 para P120, 0,50 e 0,53 para P455 e 0,44 e 0,49 para P550. As correlações genéticas estimadas entre P120 e P455, P120 e P550 e P455 e P550, foram 0,92, 0,93 e 0,96, respectivamente. As estimativas de herdabilidade obtidas para P455 e as correlações genéticas deste peso com P120 e P550 sugerem que a avaliação genética pode ser feita aos 15 meses de idade em substituição aos 18 meses.The data were obtained from 51 herds to participate in the Nelore Catttle Breeding Program (NCBP from the states of Goiás (GO, Mato Grosso do Sul (MS, Mato Grosso (MT, Minas Gerais (MG, São Paulo (SP, Maranhão (MA and Bahia (BA. Were used to estimative genetic parameters for standardized weights at 120 (P120, 455 (P455 and 550 (550 days of age. Univariate and bivariate analysis were performed by animal model using MTDFREML program. For P120 was used a model that included contemporary groups and cow age at calving as fixed

  12. Variabilidade genética e limite da seleção em populações de diferentes tipos de acasalamento Genetic variability and selection limit in populations of different mating designs

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    E.E. Cunha

    2004-04-01

    Full Text Available Populações de cinco diferentes tipos de acasalamento, submetidas à seleção baseada no melhor preditor linear não-viesado (BLUP, foram avaliadas quanto às perdas genéticas por fixação de alelos desfavoráveis e limite da seleção, durante 50 gerações. Foram utilizados dados simulados na obtenção do genoma dos indivíduos de todas as populações. Uma característica quantitativa de herdabilidade 0,10 foi estudada em populações de seleção, com a seguinte estrutura de dados: razão sexual de 10, 20, 25 e 50 e tamanho efetivo da população de 36,36, 19,05, 15,38, e 7,84, respectivamente. Para cada razão sexual, formaram-se populações correspondentes aos tipos de acasalamento efetuados entre os reprodutores, em todas as gerações: acasalamentos preferenciais entre meios-irmãos e irmãos completos, acasalamentos preferenciais entre meios-irmãos, acasalamentos ao acaso, exclusão de acasalamentos entre irmãos completos e exclusão de acasalamentos entre meios-irmãos e irmãos completos. Valores percentuais mais baixos para locos fixados desfavoravelmente e limite da seleção mais alto foram observados na menor razão sexual (d= 10, na qual houve também melhor distinção entre os tipos de acasalamento estudados.Populations of five different mating designs, submitted to selection based on best linear unbiased predicto (BLUPr, were evaluated regarding to genetic losses by fixation of unfavorable alleles and selection limit, during 50 generations. Simulated data were used to obtain the genome of all individuals of the populations. A quantitative trait with heritability of 0.10 was studied in the selected populations, with the following structure: sexual ratio of 10, 20, 25, and 50 and effective population size of 36.36, 19.05, 15.38 and 7.84, respectively. For each sexual ratio different populations were generated corresponding to the following mating designs: preferential matings between half and full sibs, preferential

  13. Composição e variabilidade espaço-temporal da meiofauna de uma praia arenosa na região amazônica (Ajuruteua, Pará Composition and spatio-temporal variability of meiofauna community on a sandy beach in the Amazon region (Ajuruteua, Pará, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tatianne P. Gomes

    2009-06-01

    Full Text Available Este trabalho avalia a variabilidade espaço-temporal da meiofauna do médiolitoral na praia de Ajuruteua, Estado do Pará. As coletas foram realizadas a cada dois meses, entre abril de 2003 a fevereiro de 2004 durante as marés de sizígia, em diferentes zonas da praia. As amostras foram retiradas com um amostrador cilíndrico de 3,14 cm² e fixadas em formalina salina a 5%. Em laboratório, as amostras foram passadas em malha de 0,063 mm de abertura e os organismos retidos identificados em nível de grandes grupos taxonômicos, contados e fixados em álcool etílico a 70%. A meiofauna esteve representada por oito grupos: Turbellaria, Nematoda, Tardigrada, Polychaeta, Oligochaeta, Acari, adultos de Copepoda Harpacticoida e juvenis de Copepoda Harpacticoida. Nematoda foi o grupo dominante, representando 74% do total de indivíduos, seguido de Copepoda (19%. Pôde-se observar clara zonação horizontal da fauna, que se distribuiu em três faixas paralelas à linha de praia, com características significativamente distintas quanto à abundância, riqueza e densidade dos principais grupos taxonômicos. No médiolitoral médio foram observados valores significativamente mais elevados de riqueza e abundância, enquanto os valores mais baixos foram registrados no médiolitoral superior e inferior. A comunidade de meiofauna, ainda que não tenha variado significativamente entre períodos climáticos, foi mais rica e abundante nos meses secos. Os principais fatores responsáveis pelas variações espaço-temporais da meiofauna foram a ação das ondas e das marés e as variações na salinidade da água.The present study investigates the spatio-temporal changes in the meiofauna community along the intertidal zone of Ajuruteua Beach, State of Pará, Brazil. Samples were collected during spring tides at different levels of the beach face every two months from April 2003 to February 2004. The material was sampled using a cylindrical corer (3.14 cm² and

  14. Caracterização da variabilidade de freqüência cardíaca e sensibilidade do barorreflexo em indivíduos sedentários e atletas do sexo masculino Characterization of heart rate variability and baroreflex sensitivity in sedentary individuals and male athletes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leandro Yukio A. Kawaguchi

    2007-08-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: A capacidade de variar a freqüência cardíaca representa importante papel fisiológico na vida diária. As variações dos intervalos RR estão na dependência de moduladores biológicos, como o sistema nervoso autônomo. Essas variações constituem a variabilidade da freqüência cardíaca (VFC. MÉTODOS: 10 indivíduos atletas (Atl e 10 sedentários (Sed (20-35 anos foram submetidos a eletrocardiografia digital, em repouso, antes, durante e após a manobra. Os valores de RR foram tratados (software Matlab 6.1, no domínio do tempo. RESULTADOS: Os grupos Sed e Atl apresentaram freqüência cardíaca média igual a 73,59bpm ± 2,5 e 51,01bpm ± 2,4, respectivamente. Quanto aos intervalos RR, o grupo de Sed apresentou média de 826,58ms ± 5,3 e o grupo Atl, 1.189,18 ± 6,9. O tempo de retorno simpático após a manobra 72 ± 12s (Sed 37 ± 6s (Atl. O tempo de retorno parassimpático foi de 80 ± 11s (Sed 40 ± 8s (Atl. O pNN50 foi de 10 ± 3,3 (Sed e 42,10 ± 6,9 (Atl. O valor da variação dos RR acima da média de todo o sinal foi de 343 ± 40ms (Sed e 175 ± 39ms (Atl. A variação abaixo da média de todo o sinal foi de 281 ± 27ms (Sed e 425 ± 26ms (Atl. CONCLUSÕES: A análise da VFC associada à manobra de Valsalva pode representar uma ferramenta simples, mas importante, para possíveis inferências sobre aptidão física.INTRODUCTION: The capacity to vary the heart rate represents important physiologic role in the daily life. The variations of the RR intervals is dependent of biological modulators as the autonomic nervous system. Those variations constitute the heart rate variability (HRV. METHODS: 10 athletes (Atl and 10 sedentary (Sed male individuals (20-35 age were submitted to digital electrocardiography, in rest, before, during and after the maneuver. The values of RR were analyzed (software Matlab 6.1, in the time domain. RESULTS: Both Sed and Atl presented mean heart rate of 73.5 bpm ± 2,5 and 51 bpm ± 2

  15. Variabilidade espacial e temporal da precipitação pluvial na bacia hidrográfica do Ribeirão João Leite-GO Spatial and temporal behavior of pluvial precipitation in the João Leite watershed, GO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eduardo H. M. dos Santos

    2011-02-01

    Full Text Available A precipitação pluvial constitui-se na principal variável hidrológica de entrada do ciclo hidrológico e para conhecimento da variabilidade espacial e temporal como informação básica para estudos hidrológicos, manejo de bacias hidrográficas, gestão de recursos hídricos, dentre outros. Os recursos hídricos superficiais produzidos nessa bacia são essenciais ao desenvolvimento do eixo Goiânia-Anápolis-Brasília e, recentemente, com o aumento da demanda hídrica, tem sido relatados conflitos pelo uso da água. Dessa maneira, tem-se que o desenvolvimento de estudos hidrológicos visando ao melhor entendimento e aproveitamento dos recursos hídricos é estratégico para o desenvolvimento da região. Nesse sentido, objetivou-se com este estudo mapear a precipitação média mensal e anual na bacia hidrográfica do Ribeirão João Leite, com o auxílio de técnicas geoestatísticas. Foram avaliados os modelos de semivariograma esférico, exponencial e gaussiano, ajustados pelo método dos mínimos quadrados ponderados, sendo que o modelo utilizado no mapeamento por krigagem foi o que apresentou o menor erro médio indicado pela validação cruzada. Foi constatado bom desempenho das técnicas geoestatísticas no mapeamento da precipitação média mensal e anual, indicado pelos pequenos erros encontrados, podendo-se destacar o modelo de semivariograma exponencial, que se sobressaiu na maioria dos eventos estudados.The pluvial precipitation is the main hydrology variable input in the hydrological cycle and the knowledge of their spatial and temporal behavior is basic material for hydrological studies, watershed and water resource management, among others. The surface water produced in this basin is essential to the development of the Axis Anápolis-Goiânia-Brasília and recently, with the increasing of water demand, it has been reported conflicts by the water use. Thus, it appears that the development of hydrological studies aimed for

  16. Variabilidade genética para caracteres morfométricos de matrizes de castanha-do-brasil da Amazônia Mato-grossense Genetic variability for morphometric characteristics in brazilian nut parent trees from northern Mato Grosso, Amazon rain forest

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Flora Ferreira Camargo

    2010-12-01

    Full Text Available O presente estudo objetivou estudar a variabilidade genética de matrizes de Bertholletia excelsa através da estimação de parâmetros e ganhos genéticos para os caracteres peso/ouriço (g, peso de sementes/ouriço (g e número de sementes/ouriço no pré-melhoramento da espécie. Foram utilizadas 90 matrizes de polinização aberta, sendo 30 matrizes de cada tipo, denominadas localmente de rajada, mirim e rosa, no município de Cotriguaçu, noroeste de Mato Grosso, região amazônica. O experimento foi estabelecido sob delineamento inteiramente ao acaso, com 90 tratamentos (matrizes e seis ouriços por matriz, com suas respectivas sementes. As variáveis foram analisadas usando-se a metodologia de modelo linear misto do software SELEGEN-REML/BLUP. Os coeficientes de herdabilidades individuais no sentido amplo dos efeitos genotípicos totais (0,21, 0,14 e 0,34 para os caracteres peso/ouriço (g, peso de sementes/ouriço (g e número de sementes/ouriço, respectivamente, são considerados moderados para os dois primeiros caracteres e alto para o caráter número de sementes/ouriço, sugerindo expressivo controle genético. A seleção das 10 melhores matrizes revelou predominância da procedência do tipo rosa, proporcionando ganhos genéticos expressivos de pelo menos 24,16% para peso/ouriço (g, 27,44% para peso de sementes/ouriço e 16,92% para o caráter número de sementes por ouriço. Os valores expressivos das matrizes do tipo rosa estimulam a utilização desses germoplasmas em programas de melhoramento genético da espécie, na seqüência das avaliações, bem como apontando para a possibilidade de obtenção de híbridos intraespecíficos para caracteres desejáveis.The goal of the study was to detect genetic variability in Brazilian nuts parent trees through parameters estimation and genetic gains for the following indexes: fruit weight (g seed weight per fruit (g and number of seeds per fruit at species pre-improvement. Ninety (90

  17. VARIABILIDADE ESPACIAL DE PLANTAS DANINHAS NUM LATOSSOLO VERME- LHO SOB SISTEMA PLANTIO DIRETO. / SPATIAL VARIABILITY OF WEEDS OF AN RED LATOSOL (OXISOL UNDER NO- TILLAGE SYSTEM.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    JOSILENE P. DE OLIVEIRA

    2008-12-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi analisar a variabilidade espacial de plantas daninhas num Latossolo Vermelho sob sistema plantio direto. As medições foram realizadas em uma área de 0,5 ha, em 50 pontos de amostragem com espaçamento de 5 m x 10 m. Os dados foram analisados por meio da estatística clássica e da geoestatística, e os mapas de variabilidade espacial construídos por meio da técnica de interpolação por krigagem. Todas as espécies de plantas daninhas presentes na área de estudo apresentaram variabilidade espacial, com exceção da corda-de-viola (Ipomoea triloba L. e crista-de-galo  (Heliotropium  indicum L., que apresentaram efeito pepita puro. Os valores de alcance (a demonstram que o espaçamento entre amostras pode ser ampliado para todas as espécies de plantas daninhas. Não foi possível determinar zonas específicas de manejo na área de estudo uma vez que as distintas espécies de plantas daninhas infestaram diferentes zonas da área de estudo.

  18. VARIABILIDAD GENÉTICA DE LOTES DE Brycon orbignyanus UTILIZADOS EN PROGRAMAS DE REPOBLAMIENTO: MANEJO Y CONSERVACIÓN

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    NELSON M LOPERA-BARRERO

    2008-01-01

    Full Text Available Alteraciones ambientales causadas por el calentamiento global y principalmente causa-das por la acción del hombre, han reducido poblaciones naturales de peces. Como forma de conservación, programas de repoblamiento han sido utilizados; sin embargo, sin una debida orientación científica, estas medidas pueden generar disturbios genéticos sobre la diversidad genética de poblaciones de peces naturales y sobre el ecosistema. El objetivo de este estudio fue estimar y analizar la variabilidad genética de dos lotes y una progenie de Brycon orbignyanus utilizados en programas de repoblamiento, utilizando el marcador molecular RAPD (Random Amplified Polymorphic DNA. Cincuenta y ocho reproductores de dos lotes (A y C y 30 larvas de la progenie del lote A (B pertenecientes a la Estação de Aqüicultura e Hidrologia da Duke Energy Internacional (Geração Parana-panema; São Paulo, Brasil fueron analizados. Los resultados de variabilidad genética estimados por el índice de diversidad de Shannon (A: 0,3184; B: 0,3433 y C: 0,3687 y por el porcentaje de fragmentos polimórficos (A: 54,02%; B: 57,47% y C: 58,62% mostraron que la variabilidad genética fue mantenida en la progenie, debido posiblemente al adecuado manejo reproductivo y al efecto fundador. Por el contrario, la variabilidad encontrada entre los dos lotes de reproductores indica una similaridad genética, a pesar de ser originarios de diferentes pisciculturas. Este resultado es comprobado en el valor moderado de diferenciación genética encontrado (0,0968, en el alto Nm (4,67 y en el dendrograma, que sugieren que los lotes poseen un pool genético similar

  19. Variabilidad genética en Prosopis ferox (Mimosaceae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alicia D. Burghardt

    2004-01-01

    Full Text Available Prosopis ferox (Mimosaceae es una especie arbustiva o arbórea espinosa que se distribuye desde el Sur de Bolivia hasta el noroeste de la Argentina. En la provincia de Jujuy se encuentra a grandes alturas (entre los 2400 y los 3700 m s.m.. Existe una gran variabilidad morfológica, especialmente en cuanto a las dimensiones del fruto y la cantidad de semillas por fruto, ambas características importantes debido al uso de esta planta como forraje. Con el objeto de verificar si existe además variabilidad genética, se realizó un estudio electroforético de proteínas seminales de árboles procedentes de distintas localidades de la provincia de Jujuy. Los patrones polipeptídicos obtenidos por SDS-PAGE presentaron en total 26 bandas. Cada población se caracterizó por sus patrones de presencia-ausencia de bandas, habiéndose encontrado variabilidad intrapoblacional (polimorfismo en algunas de ellas, siendo otras genéticamente homogéneas. Los índices polimórficos en poblaciones de P. ferox son comparables a los obtenidos previamente en P. ruscifolia. La variabilidad genética interpoblacional hallada por medio del estudio electroforético de las proteínas seminales hace suponer la existencia de ecotipos

  20. Simulação da variabilidade espacial da erosão hídrica em uma sub-bacia hidrográfica de Latossolos no sul de Minas Gerais Simulation of water erosion spatial variability in a watershed representative of oxisols in southern Minas Gerais State

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antônio Marciano da Silva

    2008-10-01

    Full Text Available A simulação da distribuição espacial da erosão do solo consiste em uma ferramenta poderosa para o planejamento conservacionista em bacias hidrográficas, sendo uma importante aplicação da Equação Universal de Perdas de Solo (EUPS associada a princípios de interpolação espacial, principalmente a geoestatística. Este trabalho objetivou simular a distribuição espacial da erosão hídrica numa sub-bacia hidrográfica da região do Alto Rio Grande (MG, aplicando ferramentas geoestatísticas para distribuição espacial e mapeamento. Diferentes cenários de uso do solo foram analisados. A erosão foi estimada com base na EUPS aplicada a células, considerando as unidades pedológicas e diferentes usos em cada célula. O fator topográfico (LS das células foi obtido com base no Modelo Digital de Elevação da sub-bacia, identificando comprimento e direção principal do escoamento. A erosividade média anual da região é de 8.030 MJ mm ha-1 h-1 ano-1, e a erodibilidade dos solos foi extraída da literatura. A EUPS foi aplicada a cada célula, levando-se em conta a situação atual do solo, áreas degradadas plantadas com eucalipto, pastagem plantada e plantio convencional de milho, considerando a ocupação de toda a sub-bacia hidrográfica. Na situação atual, a sub-bacia apresenta taxas de erosão inferiores aos limites de tolerância para os respectivos solos, com exceção das áreas degradadas ocupadas por eucalipto e pastagem em Cambissolo. No entanto, em todas as situações analisadas, seu lado leste apresentou as maiores perdas de solo, especialmente para os cenários de eucalipto nas condições atuais e plantio convencional de milho em Cambissolo e Latossolo Vermelho-Amarelo, sendo necessária a aplicação de técnicas conservacionistas.Simulation of water erosion spatial distribution is an important tool for soil conservation planning in watersheds, being an important application of the Universal Soil Loss Equation (USLE

  1. Spectral variables, growth analysis and yield of sugarcane; Variaveis espectrais e indicadores de desenvolvimento e produtividade da cana-de-acucar

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Simoes, Mauricio dos Santos [Universidade Estadual de Campinas, SP (Brazil). Faculdade de Engenharia Agricola. Programa de Pos-graduacao em Engenharia Agricola; Rocha, Jansle Vieira [Universidade Estadual de Campinas, SP (Brazil). Faculdade de Engenharia Agricola. Dept. de Planejamento e Desenvolvimento Rural Sustentavel; Lamparelli, Rubens Augusto Camargo [Universidade Estadual de Campinas, SP (Brazil). Centro de Pesquisas Meteorologicas e Climaticas Aplicadas a Agricultura (CEPAGRI)]. E-mail: rubens@cpa.unicamp.br

    2005-06-01

    Spectral information is well related with agronomic variables and can be used in crop monitoring and yield forecasting. This paper describes a multi temporal research with the sugarcane variety SP 80-1842, studying its spectral behavior using field spectroscopy and its relationship with agronomic parameters such as leaf area index (LAI), number of stalks per meter (NPM), yield (TSS) and total biomass (BMT). A commercial sugarcane field in Araras/SP/Brazil was monitored for two seasons. Radiometric data and agronomic characterization were gathered in 9 field campaigns. Spectral vegetation indices had similar patterns in both seasons and adjusted to agronomic parameters. Band 4 (B4), Simple Ratio (SR), Normalized Difference Vegetation Index (NDVI), and Soil Adjusted Vegetation Index (SAVI) increased their values until the end of the vegetative stage, around 240 days after harvest (DAC). After that stage, B4 reflectance and NDVI values began to stabilize and decrease because the crop reached ripening and senescence stages. Band 3 (B3) and RVI presented decreased values since the beginning of the cycle, followed by a stabilization stage. Later these values had a slight increase caused by the lower amount of green vegetation. Spectral variables B3, RVI, NDVI, and SAVI were highly correlated (above 0.79) with LAI, TSS, and BMT, and about 0.50 with NPM. The best regression models were verified for RVI, LAI, and NPM, which explained 0.97 of TSS variation and 0.99 of BMT variation. (author)

  2. Phenetic studies on randomly amplified polymorphic DNA-polymerase chain reaction-variability of four geographical populations of Lutzomyia whitmani (Diptera: Psychodidae in Brazil Estudos fenéticos de variabilidade de polimorfismos de DNA amplificados ao acaso pela reação em cadeia da polimerase em quatro populações geográficas de Lutzomyia whitmani (Diptera: Psychodidade no Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carina Margonari de Souza

    2004-03-01

    Full Text Available Previous evaluation of the genetic variability of four biogeographical populations of Lutzomyia whitmani from known foci of cutaneous leishmaniasis in Brazil demonstrated two main spatial clusters: Corte de Pedra-BA, Ilhéus-BA and Serra de Baturité-CE in the first cluster, and Martinho Campos-MG in the second. Further analysis showed a high degree of homogeneity in Corte de Pedra population but not in the others, which presented a significant percentage of specimens displaced from their phenon of origin (discrepant individuals. In the present work we analyzed the frequencies of association coefficients in the matrixes of similarity per population of Lutzomyia whitmani from both sexes and the general phenograms obtained, in a more detailed study of those discrepant specimens. Populational stability was observed for Corte de Pedra population, whereas the three remaining populations showed varying degrees of heterogeneity and different displacements according to sex. Our results strongly suggested the existence of a genetic flow between the lineages North-South/North-East and Ilhéus/Serra do Baturité of Lutzomyia whitmani.Uma avaliação prévia da variabilidade genética de quatro populações biogeográficas de Lutzomyia whitmani oriundas de focus conhecidos de leishmaniose cutânea no Brasil, evidenciou 2 agrupamentos espaciais principais: Corte de Pedra (BA, Ilhéus (BA e Serra de Baturité (CE no primeiro grupo, e Martinho Campos (MG em um segundo. O aprofundamento da análise acusou um alto grau de homogeneidade na população de Corte de Pedra mas não nas outras, nas quais uma porcentagem significativa de espécimens deslocou-se do seu feno de origem (indivíduos discrepantes. Neste trabalho analisamos as freqüências dos coeficientes de associação nas matrizes de similaridade por população de Lutzomyia whitmani, de ambos os sexos, e o fenograma geral obtido, em um estudo mais detalhado daqueles espécimens discrepantes. Para Corte

  3. Copa y concierto: variabilidad de caracteres funcionales foliares en "Olea europaea"

    OpenAIRE

    Escribano Rocafort, Adrián Gaspar

    2015-01-01

    Una de las premisas adoptadas en la teoría ecológica implica que la variabilidad en la expresión de caracteres funcionales es despreciable entre individuos conespecíficos comparada con la variabilidad existente entre especies. Sin embargo, la evidencia acumulada destaca la variabilidad intraespecífica en el funcionamiento de los ecosistemas y en los procesos de ensamblaje y dinámica de comunidades, especialmente en aquellas dominadas por una o pocas especies. La variabilidad funcional intraes...

  4. Variabilidade e correlações entre caracteres agronômicos em caupi (Vigna unguiculata

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lopes Ângela Celis de Almeida

    2001-01-01

    Full Text Available O caupi (Vigna unguiculata (L. Walp é um alimento básico das populações do Nordeste brasileiro, devendo merecer atenção com vistas a melhoria da qualidade de grãos, resistência a doenças e pragas e aumento de produtividade. Este trabalho teve por objetivo estudar a variabilidade e o potencial genético de 28 linhagens, escolhidas após uma seleção para cor, tamanho de grãos e resistência a viroses. A produtividade apresentou coeficiente de variação genético de 23,90%, e o valor agronômico, de 3,56%. O número de vagens por pedúnculo apresentou a menor estimativa do coeficiente de determinação genético (4,51%, e o peso de 100 grãos, a maior (81,74%. O coeficiente de determinação genético da produtividade foi de 34,15%. As maiores estimativas de ganho genético foram as do peso de 100 grãos (21,73% e da produtividade (19,77%. As correlações genotípicas foram superiores às fenotípicas e às de ambiente, destacando-se as correlações entre número de ramos secundários e produtividade (68,13%, e valor agronômico e produtividade (100%. Estes resultados mostram amplas possibilidades de seleção entre as linhagens com relação à maioria dos caracteres estudados.

  5. Universalidad y variabilidad cultural de la risa y el humor

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eduardo Jáuregui

    2008-01-01

    Full Text Available La risa es un fenómeno aparentemente universal, pero el humor que la provoca muestra una variabilidad casi infinita. Este artículo trata de distinguir entre los aspectos universales de la risa y los que son culturalmente variables. Define la risa como una emoción básica del ser humano, provocada por un estímulo cognitivo que depende de definiciones sociales de la situación, lo cual explica al menos en parte su aparente heterogeneidad. Otros aspectos que también pueden variar son las normas y costumbres relativas a la expresión de la risa y del humor, los géneros humorísticos, las instituciones del humor y las definiciones culturales de la risa misma.

  6. Tratamento de sementes com bioestimulante ao milho submetido a diferentes variabilidades na distribuição espacial das plantas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniel Fernando Kolling

    2016-02-01

    Full Text Available RESUMO: A utilização de bioestimulantes pode auxiliar a mitigar os prejuízos ao milho, ocasionados pela má qualidade de estande. Este trabalho foi conduzido objetivando avaliar o efeito do tratamento de sementes com bioestimulante sobre o desempenho agronômico do milho, submetido a diferentes níveis de variabilidade na distribuição espacial das plantas na linha de semeadura. O experimento foi implantado em Lages, SC, durante o ano agrícola de 2013/2014. O delineamento experimental foi de blocos ao acaso, dispostos em parcelas subdivididas. Nas parcelas principais, testaram-se três níveis de desuniformidade espacial na linha: 0, 50 e 100% do Coeficiente de Variação (CV. No nível 0 % de CV, todas as sementes foram uniformemente distribuídas no sulco de semeadura, a uma distância de 17cm entre si. Nos demais níveis de CV, as distâncias entre sementes variaram conforme o tratamento. Nas subparcelas, testou-se a presença ou ausência do tratamento de sementes com bioestimulante. O aumento da variabilidade na distribuição espacial das plantas reduziu a área foliar e o teor de clorofila da folha índice no espigamento, bem como o diâmetro do colmo na colheita, independentemente do tratamento de sementes com bioestimulante. Isso contribuiu para reduzir o número de grãos por espiga e o rendimento de grãos dos tratamentos com 50 e 100% de CV na variabilidade espacial, tanto na presença quanto na ausência do bioestimulante. Portanto, o tratamento de sementes com bioestimulante não mitigou os prejuízos ao rendimento de grãos do milho ocasionados pela distribuição espacial irregular das plantas na linha de semeadura.

  7. Variabilidade entre árvores matrizes de Ceiba speciosa St. Hil para características de frutos e sementes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antonio Roveri Neto

    Full Text Available RESUMO A paineira-rosa (Ceiba speciosa St. Hil. - Malvaceae é uma espécie arbórea com grande importância na recuperação de ecossistemas degradados e cuja madeira e paina são usadas em diversas atividades econômicas. O presente estudo avaliou a variabilidade e a repetibilidade para caracteres biométricos de frutos e sementes e qualidade de sementes entre árvores matrizes de C. speciosa. Foram coletados frutos de 36 árvores matrizes, determinando-se em cinco frutos o diâmetro, comprimento, massa fresca e seca e número de sementes e em 100 sementes, o comprimento, diâmetro e peso de 100 sementes. A qualidade fisiológica das sementes foi avaliada pela germinação e testes de vigor: índice de velocidade de germinação, envelhecimento acelerado (EA, condutividade elétrica (CE e submersão das sementes em água, em quatro repetições de 25 sementes, exceto para CE e submersão, em que as repetições continham 40 sementes. Após os testes de EA e submersão, as sementes foram submetidas ao teste de germinação. As médias de árvores matrizes foram comparadas pelo teste de Scott-Knott e estimou-se o coeficiente de determinação genotípico, repetibilidade e correlação entre caracteres. As características avaliadas apresentam variabilidade significativa entre as árvores matrizes e estão sob baixa influência ambiental. As correlações entre caracteres biométricos com o processo germinativo e qualidade de sementes são baixas. Os coeficientes de repetibilidade são altos e a avaliação de cinco frutos e 100 sementes por árvore matriz e o uso de quatro repetições nos testes de germinação e vigor possibilitam boa confiabilidade na determinação da variabilidade da espécie.

  8. Características acústicas da oclusiva glotal associada à sequência de Pierre Robin: estudo de caso Acoustic characteristics of glottal stop associated to Pierre Robin Sequence: case study

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Viviane Cristina de Castro Marino

    2013-04-01

    Full Text Available A fissura de palato, em associação à Sequência de Pierre Robin, pode favorecer o desenvolvimento de produções atípicas (compensatórias, na fala da criança, como é o caso da oclusiva glotal (golpe de glote comumente observada em substituição aos sons oclusivos (vozeados ou não. No presente estudo, foi realizada a análise dos parâmetros fonético-acústicos da oclusiva glotal produzidas em /k/ e /g/ por uma criança do gênero feminino, com 5 anos, que apresentava fissura de palato reparada, associada à Sequência de Pierre Robin. Para isso, foram selecionadas seis palavras em que a oclusiva velar encontrava-se na posição inicial da palavra e combinada com as vogais /a/, /i/ e /u/ na posição acentuada. Foi ainda realizado julgamento perceptivo-auditivo por três fonoaudiólogos, que apresentou concordância quanto à presença da oclusiva glotal de 100% para ambas as relações (intra e inter-juízes. Na inspeção dos dados via espectrograma foi observada variabilidade dos parâmetros espectrais (burst e transição formântica e essas variações também puderam ser computadas considerando as vogais separadamente. A análise estatística revelou diferença estatisticamente significante entre as duas consoantes velares (/k/ e /g/ nos parâmetros espectral (burst, temporal (VOT e duração relativa da oclusiva na palavra e os relativos às características acústicas das vogais adjacentes às oclusivas (período estacionário de F3. Por fim, as características acústicas da oclusiva glotal sugeriram que a criança pode ter utilizado de estratégias para marcar contrastes fônicos na língua, ainda que os mesmos não tenham magnitude suficiente para serem resgatados auditivamente pelo ouvinte.The cleft palate, in association with Pierre Robin Sequence, may foster the development of atypical (compensatory productions on the child’s speech such as the use of glottal stop as a substitution for occlusive sounds (voiced or

  9. Características acústicas da oclusiva glotal associada à sequência de Pierre Robin: estudo de caso Acoustic characteristics of glottal stop associated to Pierre Robin Sequence: case study

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Viviane Cristina de Castro Marino

    2012-01-01

    Full Text Available A fissura de palato, em associação à Sequência de Pierre Robin, pode favorecer o desenvolvimento de produções atípicas (compensatórias, na fala da criança, como é o caso da oclusiva glotal (golpe de glote comumente observada em substituição aos sons oclusivos (vozeados ou não. No presente estudo, foi realizada a análise dos parâmetros fonético-acústicos da oclusiva glotal produzidas em /k/ e /g/ por uma criança do gênero feminino, com 5 anos, que apresentava fissura de palato reparada, associada à Sequência de Pierre Robin. Para isso, foram selecionadas seis palavras em que a oclusiva velar encontrava-se na posição inicial da palavra e combinada com as vogais /a/, /i/ e /u/ na posição acentuada. Foi ainda realizado julgamento perceptivo-auditivo por três fonoaudiólogos, que apresentou concordância quanto à presença da oclusiva glotal de 100% para ambas as relações (intra e inter-juízes. Na inspeção dos dados via espectrograma foi observada variabilidade dos parâmetros espectrais (burst e transição formântica e essas variações também puderam ser computadas considerando as vogais separadamente. A análise estatística revelou diferença estatisticamente significante entre as duas consoantes velares (/k/ e /g/ nos parâmetros espectral (burst, temporal (VOT e duração relativa da oclusiva na palavra e os relativos às características acústicas das vogais adjacentes às oclusivas (período estacionário de F3. Por fim, as características acústicas da oclusiva glotal sugeriram que a criança pode ter utilizado de estratégias para marcar contrastes fônicos na língua, ainda que os mesmos não tenham magnitude suficiente para serem resgatados auditivamente pelo ouvinte.The cleft palate, in association with Pierre Robin Sequence, may foster the development of atypical (compensatory productions on the child’s speech such as the use of glottal stop as a substitution for occlusive sounds (voiced or

  10. Variabilidade e repetição operantes aprendidas após estímulos aversivos incontroláveis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Helena Leite Hunziker

    Full Text Available O objetivo desse experimento foi verificar se a experiência prévia com eventos aversivos incontroláveis interfere na aprendizagem da variabilidade ou da repetição operantes. Ratos (n=45 tiveram a reposta de pressão à barra reforçada positivamente em CRF e FR 4, sendo depois divididos em três grupos, expostos a choques elétricos controláveis, incontroláveis ou nenhum choque. Em seguida, receberam nove a 12 sessões de reforçamento positivo para seqüências de quatro respostas de pressão a barra, em uma caixa com duas barras (direita - D e esquerda - E: metade dos sujeitos foi reforçada por variar (VAR e metade por repetir uma mesma seqüência (REP. Os resultados mostraram que o tratamento prévio com choques não interferiu na aprendizagem dos padrões de variabilidade e de repetição, que foram dependentes apenas da contingência em vigor. Esses dados são contrários ao previsto pela hipótese do desamparo aprendido.

  11. Qualidade da carne maturada de ovelhas em sistema de embalagem a vácuo durante diferentes períodos de acondicionamento

    OpenAIRE

    Constantino, Camila; Universidade Estadual de Londrina; Ribeiro, Edson Luis de Azambuja; Universidade Estadual de Londrina; Bridi, Ana Maria; Universidade de Londrina; Tarsitano, Marina Avena; Universidade Estadual de Londrina; Koritiaki, Natália Albieri; Universidade Estadual de Londrina; Peres, Louise Manha; Universidade Estadual de Londrina; Mizubuti, Ivone Yurika; Universidade Estadual de Londrina; Pereira, Elzânia Sales; Universidade Federal do Ceará; Pimentel, Patrícia Guimarães; Universidade Federal do Ceará

    2013-01-01

    Os consumidores acreditam que a maciez é a característica organoléptica mais importante da carne. No entanto, há grande variabilidade na maciez da carne disponível para os consumidores, um método de reduzir a variabilidade e melhorar a maciez seria promover a maturação da carne. O objetivo deste estudo foi avaliar a qualidade da carne maturada de ovelhas. O experimento foi conduzido na Universidade Estadual de Londrina. Foram utilizadas 18 ovelhas da raça Santa Inês. Após o abate, o músculo L...

  12. Patrones de variabilidad ambiental en el mar peruano

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roberto Flores

    2013-10-01

    Full Text Available Se describen los escenarios ambientales y los patrones de variabilidad observados en el mar peruano a partir del análisis de información obtenida por el Instituto del Mar del Perú entre los años 1960 – 2011. Se examinan datos de cruceros de investigación oceanográfica, de evaluación de recursos pesqueros y bío-oceanográficos, además de información de diversas publicaciones sobre el mar peruano y sus recursos. Los datos de temperatura, salinidad y contenido de oxígeno, fueron interpolados para obtener promedios mensuales y construir series espaciales y temporales. En la superficie, las Aguas Costeras Frías (ACF y Aguas Subtropicales Superficiales (ASS crean condiciones ambientales diferentes a las de la parte subsuperficial donde predomina la intromisión de las aguas ecuatoriales a través de la Corriente Subsuperficial Perú-Chile (CSPC. En el norte, durante el verano y otoño, predominan en la capa superficial aguas cálidas de origen ecuatorial. En el centro, aguas de origen ecuatorial interactúan con las ACF del afloramiento costero. El sur está influenciado por las ASS y el afloramiento costero con mayor intensidad, indicando una mayor actividad en el Sistema de la Corriente del Perú (SCP.

  13. Variabilidade sazonal da condutância estomática em um ecossistema de manguezal amazônico e suas relações com variáveis meteorológicas Seasonal variability of the stomatal conductance in Amazonian mangrove ecosystem and their relationships with meteorological variables

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hernani José Brazão Rodrigues

    2011-06-01

    Full Text Available No presente trabalho foram estudadas as variações da condutância estomática (g s para o período chuvoso (março e seco (agosto do ano de 2003, e suas relações de dependência com algumas variáveis meteorológicas medidas em um ecossistema de manguezal amazônico. As informações utilizadas foram do projeto ECOBIOMA, parte integrante do Experimento de Grande Escala da Biosfera-Atmosfera da Amazônia (LBA. A g s acompanha a tendência de variação do balanço de radiação, atingindo valores máximos durante o dia e mínimos durante a noite. A condutância apresentou maiores flutuações no período chuvoso, com valor médio de g s = 0,015 m s-¹, porém com magnitudes inferiores as do período seco. Durante a época seca apresentou um valor médio de g s = 0,027 m s-¹, com menor amplitude, variando de 0,010 This work investigated the variations of stomatal conductance (g s in the rainy and dry seasons and its dependence relations with meteorological variables measured in an Amazonian mangrove ecosystem. Data were originated from the ECOBIOMA project, part of the Large Scale Biosphere-Atmosphere Experiment in Amazon (LBA. Stomatal conductance followed the tendency of the radiation balance variation, reaching maximum values during the day and minimum values at night. The conductance showed greater fluctuations in the rainy season, with mean value of g s = 0.015 m s-¹, however smaller in magnitude than in the dry season. During the dry season, the mean value was g s = 0.027 m s-¹, with lower range, varying between 0.010 and 0.042 m s-¹. The meteorological variables used for establishing the dependence relations with the daily variability of stomatal conductance were the following; specific moisture deficit (δq, vapor pressure deficit (PVD, net radiation (Rn and wind velocity (Vv. The PVD showed the best correlation with g s, with R² = 0.99 for both periods. In spite of the importance of Vv in the gaseous changes between the

  14. Variabilidade e caracterização de frutos de pitangueiras em municípios baianos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alex Batista Dias

    2011-12-01

    Full Text Available O presente trabalho teve como objetivo obter informações sobre as características morfológicas dos frutos das pitangueiras localizadas em cinco municípios do Estado da Bahia. Os genótipos foram identificados, georreferenciados com o auxílio de GPS e de cada genótipo foram coletados 30 frutos no estádio de maturação fisiológica, avaliando-se: massa, comprimento e diâmetro do fruto, massas da polpa e das sementes, pH, acidez titulável, teor de sólidos solúveis e relação SS/AT. Os dados foram submetidos à análise descritiva, obtendo-se medidas de centralidade e de dispersão, correlação linear entre os caracteres e análise multivariada de agrupamento. Os resultados revelaram a existência de variabilidade para a maioria das características avaliadas, em especial para a massa do fruto, da semente e da polpa. Houve a formação de cinco grupos principais de dissimilaridade genética para a população geral, sendo a menor distância genética (0,22 verificada entre os genótipos IN3 e IN8 provenientes do município de Inhambupe. Os genótipos apresentam frutos com características de interesse para exploração comercial com porcentagem de polpa acima de 68%, sendo possível a identificação de materiais que reúnem altos valores para massa do fruto, massa da polpa, sólidos solúveis (SS, acidez titulável (AT e SS/AT.

  15. A influência dos modos de variabilidade climática na temperatura em superfície na Antártica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Douglas da Silva Lindemann

    2015-06-01

    Full Text Available Este trabalho analisa a variação sazonal da temperatura do ar à superfície (Tar na Antártica, e sua relação com os modos de variabilidade climática El Niño-Oscilação Sul (ENOS e Oscilação Antártica (OA. Os resultados indicam que para os 4 períodos sazonais as Tar nas estações localizadas no setor oriental da Antártica apresentaram significativas correlações negativas (nível de significância de 1% na maioria das estações com a OA. Todavia o único período sazonal, em que o setor continental (Amundsen-Scott, Dome C apresentou forte correlação negativa com a OA, foi durante o inverno (significativa a 1%. Correlações positivas foram encontradas (significâncias entre 1% e 5% entre as Tar da Península Antártica e Shetland do Sul com a OA para os períodos de outono, inverno e primavera. Os resultados demonstram a influência que a OA exerce sobre a climatologia da Tar na Antártica. É importante notar um dipolo entre as regiões oriental da Antártica e da Península Antártica, no que concerne as influências da OA. O modo de variabilidade ENOS apresentou correlação negativa significativa com as três estações da Península Antártica somente durante a primavera, enquanto que para a estação Rothera, à oeste da Península, a correlação foi significativa também para o outono e inverno. A correlação entre ENOS e Tar foi positiva e significativa no setor do Mar de Ross durante a primavera, e com o setor oriental da Antártica durante o verão, com nível de significância chegando a 5%.

  16. Variabilidade e repetição operantes aprendidas após estímulos aversivos incontroláveis

    OpenAIRE

    Hunziker,Maria Helena Leite; Yamada,Marcos Takashi; Manfré,Fernando Nunes; Azevedo,Érika Ferreira de

    2006-01-01

    O objetivo desse experimento foi verificar se a experiência prévia com eventos aversivos incontroláveis interfere na aprendizagem da variabilidade ou da repetição operantes. Ratos (n=45) tiveram a reposta de pressão à barra reforçada positivamente em CRF e FR 4, sendo depois divididos em três grupos, expostos a choques elétricos controláveis, incontroláveis ou nenhum choque. Em seguida, receberam nove a 12 sessões de reforçamento positivo para seqüências de quatro respostas de pressão a barra...

  17. Detecção e variabilidade de Plasmopara halstedii no Brasil e avaliação da resistência de genótipos de girassol ao míldio Detection and variability of Plasmopara halstedii in Brazil and resistance of sunflower genotypes to downy mildew

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Regina Maria Villas Bôas de Campos Leite

    2007-12-01

    Full Text Available Este trabalho foi conduzido com o objetivo de identificar a raça fisiológica de Plasmopara halstedii que ocorreu em plantas de girassol coletadas no campo experimental da Embrapa Soja, Londrina, PR, em 1998, 2001 e 2002 e avaliar a reação de genótipos de girassol ao míldio. Plântulas de girassol das diferenciadoras de raças e das cultivares foram inoculadas com suspensão de zoosporângios do patógeno e foram plantadas em caixas contendo areia autoclavada. As plântulas foram mantidas em câmara climatizada, com temperatura controlada em 21ºC, por 11 dias. Em seguida, as plantas foram aspergidas intensamente com água destilada, cobertas com saco plástico e mantidas no escuro, a 18ºC. No dia seguinte, foi observada a presença de esporulação nos cotilédones. As plantas que apresentaram esporulação foram consideradas suscetíveis e as sem esporulação foram resistentes. O resultado indicou tratar-se da raça 330 (antiga raça 7 americana, nas três ocasiões. Os genótipos de girassol Embrapa 122, BRS 191 e as cultivares de girassol ornamental BRS Capri M, BRS Encanto M, BRS Oásis, BRS Paixão M, BRS Pesqueiro M, BRS Refúgio M, BRS Saudade M e BRS Saudade U e seus respectivos parentais foram suscetíveis a P. halstedii raça 330. Os genótipos AGROBEL 910, AGROBEL 920, AGROBEL 960, AGROBEL 965, C11, EXP38, M734, M742 e RUMBOSOL 91 foram resistentes à raça 330 do patógeno e podem ser indicados aos agricultores para uso em regiões de risco de ocorrência da doença.This research was carried out for identifying the physiological race of Plasmopara halstedii occurring in sunflower at the experimental field of Embrapa Soybean, Londrina, PR, Brazil, in 1998, 2001 and 2002 by evaluating the reaction of sunflower genotypes inoculated with downy mildew pathogen. Sunflower seedlings of the differentials set to identify races and of the cultivars were inoculated by immersion in zoosporangia suspension and were grown in autoclaved

  18. VARIABILIDADE ESPACIAL DOS ÍNDICES DRIS DO NITROGÊNIO E DO POTÁSSIO NA CULTURA DO MAMOEIRO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mariana Lima de Jesus

    2017-01-01

    Full Text Available Tendo em vista a importância do N e do K no fomento do crescimento vegetativo e do estádio de florescimento do mamoeiro e de sua influencia no equilíbrio nutricional da lavoura  objetivou-se com esse estudo quantificar a variabilidade espacial dos índices DRIS do N e do K de mamoeiro produzido no norte capixaba e correlacionar linearmente e espacialmente seus valores com a produtividade e o índice de balanço nutricional da lavoura. O estudo foi realizado com dados de produtividade e de teores foliares (macronutrientes: N, P, K, Ca, Mg, S; e micronutrientes: Zn e Mn. do pecíolo do mamoeiro de 129 pontos georreferenciados, de uma lavoura comercial de mamão, no município de São Mateus-ES. Esse teores foliares foram utilizados para calculo dos Índice DRIS e do índice de balanço nutricional (IBN. Os índices DRIS do N e do K apresentaram dependência espacial, ajustando-se aos modelos exponencial e esférico, respectivamente. Apenas o IDK apresentou correlação linear com a produtividade.

  19. Morfologia de flexão verbal no inglês como L2: Uma abordagem a partir da morfologia distribuída

    OpenAIRE

    Marisa Mendonca Carneiro

    2008-01-01

    O presente trabalho insere-se no campo da pesquisa em aquisição de línguas estrangeiras e investiga as implicações da variabilidade no uso de morfologia flexional verbal do inglês por aprendizes falantes de português brasileiro, em contexto instrucional. O principal objetivo deste trabalho foi explicar a variabilidade na realização de morfologia verbal do verbo to be e verbos lexicais na produção oral de aprendizes em dois níveis distintos de proficiência, tendo como ponto de partida a Hipóte...

  20. Genetic variability of Passiflora spp. from commercial fields in the Federal District, Brazil Variabilidade genética de Passiflora spp. em plantios comerciais do Distrito Federal, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Paula Gomes de Castro

    2011-06-01

    Full Text Available This study aimed to characterize the genetic variability in commercial accessions of passion fruit from the Federal District, Brazil, by RAPD markers. Genetic analyses were done with leaf samples of 30 accessions. DNA samples were amplified by RAPD technique, and respective markers converted into a binary matrix, from which the genetic distances between the accessions were estimated. Clustering analyis based on genetic distances allowed to detect a wide range of genetic variabillity among the accessions of sour passion fruit, and to separate them from the two sweet passion fruit. The graphical positioning of 'BRS Ouro Vermelho' confirms its potential to improve the genetic variability of commercial varieties of sour passion fruit. Dispersal of genetic distances among commercial accessions of sour passion fruit supports evidence for different genetic origins of the materials planted in the Federal District. The verified genetic variability indicates the potential success of future breeding programs for this region.Este estudo teve como objetivo caracterizar a variabilidade genética de acessos de maracujá comerciais no Distrito Federal por meio de marcadores RAPD. Análises genéticas foram feitas com amostras foliares de 30 acessos. As amostras de DNA foram amplificadas pela técnica de RAPD e os respectivos marcadores convertidos em uma matriz binária, a partir da qual as distâncias genéticas entre os acessos foram estimadas. Análises de agrupamento baseadas em distâncias genéticas permitiram detectar uma ampla gama de variabilidade genética entre os acessos de maracujazeiro-azedo, bem como para separá-los dos dois de maracujazeiro-doce. O posicionamento gráfico de 'BRS Ouro Vermelho' confirma a sua importante contribuição para aumentar a variabilidade genética das atuais variedades comerciais de maracujazeiro-azedo. A dispersão das distâncias genéticas entre os acessos comerciais de maracujazeiro-azedo suportam as evid

  1. Spatial and temporal variability of leaf wetness duration in the State of São Paulo, Brazil Variabilidade espacial e temporal da duração do período de molhamento foliar no Estado de São Paulo, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Emília Hamada

    2008-12-01

    dias (ND ao mês com DPM por um período igual ou superior a dez horas consecutivas (R² de 0,57 a 0,75, ambas em função da umidade relativa média. A DPM média e ND média variaram entre as regiões do estado e nos períodos do ano. Os menores valores estimados de DPM e de ND médias anuais foram observados na região oeste do estado e os maiores valores na região litorânea.

  2. Variabilidad temporal de aerosoles atmosféricos en Huancayo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sthefany Virginia Vivanco Cristobal

    2014-06-01

    Full Text Available Objetivos: Identificar la variabilidad temporal de los aerosoles atmosféricos en Huancayo a través de datos satelitales. Métodos: Investigación de alcance descriptivo, diseño longitudinal. Los datos utilizados fueron, el índice de aerosol (IA tomados por el sensor OMI (ozone monitoring instrument en el período 2005-2012; y el espesor óptico de aerosol (EOA registrados por el sensor MODIS (moderate resolution imaging spectroradiometer de las plataformas Aqua y Terra, en los períodos 2003-2012 y 2001-2012, respectivamente. Resultados: El IA registró el año 2012 un máximo interanual de 0,61; durante el período enero-marzo disminuyó a 0,30; abril-agosto aumentó a 0,75 y setiembrediciembre disminuyó a 0,43. En cambio, el EOA reportó en el 2005 un máximo interanual de 0,22; en el período abril-junio disminuyó a 0,09; juliosetiembre aumentó a 0,30; octubre-diciembre disminuyó a 0,22, y enero-marzo aumentó a 0,20. El análisis estadístico reportó un coeficiente de correlación entre el IA del sensor OMI y el EOA del sensor MODIS de las plataformas Aqua y Terra, siendo 0,1041 y 0,0982 (p<0,05, respectivamente. La misma correlación fue efectuada entre los datos del sensor MODIS, resultando más elevada 0,902 (p<0,05. El IA mostró una tendencia de incremento a razón de 0,036/año; el EOA de disminución, 0,003/año. Conclusiones: Se identificó un patrón de variación significativo entre las estaciones y los meses de ambos parámetros con elevados valores del IA en invierno y otoño, máximos en agosto; el EOA, en primavera y verano, máximos en septiembre.

  3. Variabilidade espacial de atributos de solo e de Crotalaria juncea L. em área severamente erodida

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A. A. C. Salviano

    1998-03-01

    Full Text Available O trabalho foi desenvolvido numa área de produção comercial de cana-de-açúcar, situada no município de Piracicaba (SP, numa associação de Podzólico Vermelho-Amarelo + solo litólico, no período de novembro de 1994 a março de 1995. Essa área vem sendo explorada com cana-de-açúcar há, aproximadamente, 30 anos e apresentava diversos sulcos de erosão. O objetivo deste trabalho foi caracterizar a variabilidade espacial de atributos de crotalária juncea (Crotalaria juncea L. e de solo em uma área sob condições de erosão severa. A área foi arada e gradeada com incorporação de 4 t ha-1 de calcário, antes da semeadura a lanço de 30 kg ha-1 de semente de crotalária juncea. Uma parcela de 50 x 70 m foi amostrada de acordo com uma malha de 5 por 5 m, totalizando 140 pontos. Foram avaliados atributos químicos do solo superficial (0,00-0,20 m e subsuperficial (0,20-0,40 m, sua granulometria e a espessura de solo remanescente (ES - definida como a camada do solo acima do horizonte C, além da produtividade de matéria seca (MS e altura da crotalária juncea (ALTPL. Os valores de atributos maiores ou menores que quatro desvios-padrões da média foram descartados. A colheita da parte aérea da crotalária foi realizada no início de sua floração, em miniparcelas de 2 x 2,5 m, e calculada a matéria seca. A dependência espacial dos atributos estudados foi avaliada por semivariogramas escalonados. Esses apresentaram dependência espacial, com exceção do P (0,00-0,20 m e K nas duas camadas. Os atributos puderam ser agrupados em três categorias homogêneas quanto ao alcance do semivariograma: atributos químicos do solo (12 a 32 m < componentes de planta (25 a 32 m < frações granulométricas (32 a 42 m. Os atributos que melhor explicaram a produtividade da crotalária juncea foram H + Al, valor T e saturação por bases.

  4. Use of spectral data for estimating the relationship between iron oxides and 2:1 minerals with their respective reflectancesUso de dados espectrais para estimar a relação entre óxidos de ferro e minerais 2:1 com suas respectivas reflectâncias

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Everson Cezar

    2013-09-01

    repetições por tratamento. As leituras espectrais das amostras de hematita, goethita, magnetita e bentonita foram realizadas por meio do equipamento FieldSpec 3 jr, o qual recobre a faixa espectral de 350 a 2500 nm. Após as leituras, foram escolhidos os intervalos que melhor representavam os minerais e realizaram-se as análises estatísticas a partir dos fatores de reflectância médios encontrados nestes pontos. Os resultados mostraram que a hematita, goethita e magnetita apresentam relação não linear com seus respectivos fatores de refletância, enquanto que a bentonita apresenta relação linear não só no intervalo estudado, mas em toda faixa coberta pelo equipamento. Desta maneira, conclui-se que quantidades relativamente pequenas destes óxidos de ferro são capazes de afetar a reflectância do solo da mesma forma que quantidades próximas de 100%. Com relação aos minerais 2:1 conclui-se que o aumento na proporção dos mesmos em uma determinada classe de solo leva a uma queda progressiva do fator de reflectância em todo o espectro-óptico, assim como descrito para outros elementos.

  5. Divergence and genetic variability among superior rubber tree genotypes Divergência e variabilidade genética de genótipos superiores de seringueira

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lígia Regina Lima Gouvêa

    2010-02-01

    Full Text Available The objective of this work was to estimate the genetic variability and divergence among 22 superior rubber tree (Hevea sp. genotypes of the IAC 400 series. Univariate and multivariate analyses were performed using eight quantitative traits (descriptors, including yield. In the univariate analyses, the estimated parameters were: genetic and environmental variances; genetic and environmental coefficients of variation; and the variation index. The Mahalanobis generalized distance, the Tocher agglomerative method and canonical variables were used for the multivariate analyses. In the univariate analyses, variability was verified among the genotypes for all the variables evaluated. The Tocher method grouped the genotypes into 11 clusters of dissimilarity. The first four canonical variables explained 87.93% of the cumulative variation. The highest genetic variability was found in rubber yield-related traits, which contributed the most to the genetic divergence. The most divergent pairs of genotypes are suggested for crossbreeding. The genotypes evaluated are suitable for breeding and may be used to continue the IAC rubber tree breeding program.O objetivo deste trabalho foi estimar a divergência e a variabilidade genética entre 22 genótipos superiores de seringueira (Hevea sp. da série IAC 400. Análises univariadas e multivariadas foram realizadas com oito caracteres quantitativos (descritores, incluindo produtividade. Na análise univariada, os parâmetros estimados foram: variâncias genética e ambiental, coeficientes de variação genética e ambiental, e índice de variação. A distância generalizada de Mahalanobis, o método aglomerativo de Tocher e variáveis canônicas foram utilizados nas análises multivariadas. Nas análises univariadas, verificou-se variabilidade entre os genótipos para todas as variáveis avaliadas. O método de Tocher agrupou os genótipos em 11 grupos de dissimilaridade. As quatro primeiras variáveis can

  6. Resposta espectral de solos em razão do ângulo de visada, da umidade e da rugosidade superficial

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    ACCIOLY LUCIANO JOSÉ DE OLIVEIRA

    2000-01-01

    Full Text Available Este trabalho teve por objetivo avaliar as variações do fator de refletância bidirecional (FRB de três séries de solo (McAllister, Stronghold e Epitaph da microbacia experimental de Walnut Gulch (Arizona, EUA em razão do ângulo de visada, da rugosidade superficial e do teor de umidade. Foram consideradas as faixas espectrais do visível e do infravermelho próximo e médio presentes no sensor TM, e os resultados foram expressos em termos de FRB em relação à resposta no Nadir (FRB relativo. O anisotropismo variou de solo para solo e foi maior nas menores faixas espectrais, nos ângulos de visada maiores localizados na direção do retroespalhamento, nos ângulos solar-zenitais maiores, e na condição de solo seco. No solo Epitaph (único solo submetido ao estudo de rugosidade o anisotropismo foi também maior na superfície mais rugosa. Entretanto, uma melhor diferenciação entre as superfícies lisa e rugosa do solo Epitaph foi obtida na direção do espalhamento da energia refletida. Diferenças na escala e nos métodos de obtenção dos dados são apontadas como causas do realce do comportamento anisotrópico dos dados obtidos em condições de laboratório, em comparação com os dados de campo.

  7. Variabilidade isoenzimática entre linhagens de amendoim resistentes à seca Isoenzimatic variability between peanut lines resistant to drought

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roseane Cavalcanti dos Santos

    2000-04-01

    Full Text Available O uso da técnica de eletroforese para separar múltiplas formas moleculares de enzimas tem sido bastante explorada na área biológica, cujas diferenças detectadas nos tecidos podem ser eficientemente usadas para diferenciação de cultivares em qualquer fase de seu desenvolvimento fenológico. Nesse trabalho, procedeu-se ao estudo da variabilidade isoenzimática em seis linhagens de amendoim resistentes à seca, com o objetivo de se verificar as possíveis relações da variação encontrada na base desses descritores com essa aptidão no amendoim. Estudaram-se folíolos da parte apical com 5 dias após a germinação, utilizando-se a técnica de eletroforese em gel de poliacrilamida (7% sistema horizontal e contínuo de tampão. Os sistemas estudados foram fosfatase ácida (ACP, malato desidrogenase (MDH, leucina aminopeptidase (LAP, peroxidase (PO, e esterase (EST. A caracterização fenotípica dos genótipos permitiu a separação de quatro grupos para ACP, três para LAP, dois para MDH e seis para PO e EST. A partir da análise dos componentes principais dos grupos obtidos, observou-se que a cultivar IAC Tupã (sensível à seca foi separada das demais, especialmente da cultivar resistente Senegal 55437.The use of electrophoretic techniques to separate multiple molecular forms of enzymes has been used in the biological science, where differences in isozymes among tissues can be used efficiently on cultivar differentiation during any life cycle phase. In this paper, the variability of six drought resistant peanut lines was studied by isozymes analysis aiming to verify the possible relations between enzymatic descriptors and drought resistance character. Leaflets were analyzed by horizontal poliacrylamide gel electrophoresis technique and buffer continuos systems for the following systems: acid phosphatase (ACP, malate dehydrogenase (MDH, leucine aminopeptidase (LAP, peroxidase (POX and esterase (EST. The phenotypic characterization of the

  8. Small relief shape variations influence spatial variability of soil chemical attributes Pequenas variações das formas de relevo influenciam a variabilidade espacial de atributos químicos do solo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Zigomar Menezes de Souza

    2006-04-01

    Full Text Available Soils with small variations in relief and under the same management system present differentiated spatial variabilities of their attributes. This variability is a function of soil position in the landscape, even if the relief has little expression. The aim of this work was to investigate the effects of relief shape and depth on spatial variability of soil chemical attributes in a Typic Hapludox cultivated with sugar cane at two landscape compartments. Soil samples were collected in the intercrossing points of a grid, in the traffic line, at 0-0.2 m and 0.6-0.8 m depths, comprising a set of 100 georeferenced points. The spatial variabilities of pH, P, K, Ca, Mg, cation exchange capacity and base saturation were quantified. Small relief shape variations lead to differentiated variability in soil chemical attributes as indicated by the dependence on pedoform found for chemical attributes at both 0-0.2 m and 0.6-0.8 m depths. Because of the higher variability, it is advisable to collect large number of samples in areas with concave and convex shapes. Combining relief shapes and geostatistics allows the determination of areas with different spatial variability for soil chemical attributes.Solos submetidos ao mesmo sistema de manejo em locais com pequena variação de relevo, manifestam variabilidade espacial diferenciada de seus atributos. Esta variabilidade é condicionada pela posição dos solos na paisagem ou no declive, mesmo que o relevo seja de pequena expressão. O estudo teve como objetivo avaliar a influência da forma do relevo na variabilidade espacial de atributos químicos em um latossolo cultivado com cana-de-açúcar em dois compartimentos da paisagem. Os solos foram amostrados nos pontos de cruzamento de uma malha, com intervalos regulares de 10 m, perfazendo um total de 100 pontos, nas profundidades de 0-0,2 m e 0,6-0,8 m. Foi avaliado a variabilidade espacial do pH, fósforo (P, potássio (K, cálcio (Ca, magnésio (Mg, acidez

  9. Variabilidade sazonal de constituintes químicos (triterpenos, flavonóides e polifenóis das folhas de Maytenus aquifolium Mart. (Celastraceae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Janete H. Yariwake

    Full Text Available Estudou-se a variabilidade química sazonal em Maytenus aquifolium Mart. (Celastraceae, conhecida como "espinheira santa", em exemplares cultivados em Ribeirão Preto, SP, através da análise das substâncias presentes nas folhas, ao longo das quatro estações em dois anos. O teor de fenóis totais variou de 21,96 a 45,92 mg / g (expresso em mg ácido tânico / g folhas secas, de 55,88 a 93,20 mg triterpenos totais / g folhas secas, e de 1,349 a 3,859 mg flavonóides / g folhas secas. A amostra Primavera 92 apresentou o maior teor de flavonóides e fenóis totais, e a amostra Inverno 94 apresentou o maior teor de triterpenos.

  10. Análisis de la variabilidad y tendencias de eventos extremos de precipitación en el contexto del cambio climático: desarrollo de una herramienta de seguimiento dinámico de inundaciones

    OpenAIRE

    Giraldo Osorio, Juan Diego

    2012-01-01

    [SPA] La región Sudano Saheliana en África Occidental, una de las más pobres del planeta, se caracteriza por una gran variabilidad de las precipitaciones y un rápido crecimiento demográfico. Dada su vulnerabilidad climática, en la región los eventos extremos (sequías e inundaciones), causan cuantiosos daños que con frecuencia involucran perjuicios a la propiedad y pérdida de vidas humanas. El conocimiento de las tendencias plausibles de los eventos extremos de precipitación es crucial desde ...

  11. Análisis de la variabilidad y tendencias de eventos extremos de precipitación en el contexto del cambio climático: desarrollo de una herramienta de seguimiento dinámico de inundaciones

    OpenAIRE

    Giraldo Osorio, Juan Diego

    2011-01-01

    [SPA] La región Sudano Saheliana en África Occidental, una de las más pobres del planeta, se caracteriza por una gran variabilidad de las precipitaciones y un rápido crecimiento demográfico. Dada su vulnerabilidad climática, en la región los eventos extremos (sequías e inundaciones), causan cuantiosos daños que con frecuencia involucran perjuicios a la propiedad y pérdida de vidas humanas. El conocimiento de las tendencias plausibles de los eventos extremos de precipitación es crucial desde ...

  12. Variabilidade espacial de atributos químicos do solo sob diferentes usos e manejos Spatial variability of chemical attributes of a soil under different uses and managements

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eloiza Gomes Silva Cavalcante

    2007-12-01

    Full Text Available O uso e manejo do solo e da cultura são importantes condicionadores da variabilidade de atributos do solo. O trabalho foi desenvolvido em Selvíria (MS, com o objetivo de avaliar a variabilidade espacial do pH, potássio (K, cálcio (Ca, magnésio (Mg e saturação por bases (V em Latossolo Vermelho sob diferentes usos e manejos. Os solos foram amostrados em malha, com intervalos regulares de 2 m, perfazendo o total de 64 pontos, nas profundidades de 0,0-0,1 e 0,1-0,2 m, nas seguintes áreas: vegetação natural (Cerrado, plantio direto, plantio convencional e pastagem. As maiores variabilidades, medidas por meio do coeficiente de variação, foram observadas para K, Mg e Ca; o pH apresentou o menor coeficiente de variação nos diferentes usos e manejo do solo, e o atributo V, coeficiente de variação médio. Os sistemas preparo convencional e pastagem apresentaram os menores alcances quando comparado aos sistemas Cerrado e plantio direto.The use and management of soil and crop condition the variability of soil attributes directly. This study was conducted in Selvíria-MS, Brazil with the objective of evaluating the spatial variability of pH, potassium (K, calcium (Ca, magnesium (Mg and base saturation (% BS in an Oxisol under different use and management conditions. Soil samples were collected in a grid, in regular 2 m intervals, at 64 grid points, at depths of 0.0-0.1 m and 0.1-0.2 m, from areas of: native cerrado vegetation (savannah, annual crops under no-tillage, annual crops under conventional tillage, and pasture. The highest variabilities, as determined by the coefficient of variation, were observed for K, Mg and Ca, while the lowest coefficient of variation was found for pH in the different uses and management conditions. A medium coefficient of variation was observed for the %BS. The ranges of soils under conventional tillage and pasture systems were smaller than those under native vegetation and no-tillage.

  13. Variabilidade Espacial e Intranual das Chuvas na Região Sul de Moçambique, África Austral

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Dionísio Inocêncio Uele

    Full Text Available Resumo Estudos sobre a climatologia das chuvas na região Sul de Moçambique (RSM são essenciais para o planejamento de diversas atividades humanas, com destaque para agricultura. Assim, o diagnóstico das tendências sazonais e mensais das chuvas é necessário, principalmente por se tratar de uma região com irregular distribuição espaço-temporal das chuvas. A variação da chuva mensal e sazonal na RSM foi analisada com base em séries climáticas de 45 anos (1960-2004. Aplicou-se na identificação de regiões com chuvas mensais homogêneas a análise de agrupamento (método de Ward. Com base na análise de agrupamento identificaram-se três grupos de estações com chuvas mensais homogêneas (G1, G2 e G3 e outras três estações que não foram agrupadas (NDg. As chuvas apresentaram gradiente espacial negativo na direção de G1 para G3 (nordeste-sudoeste, e totais entre os maiores nas estações do NDg (próximas ao litoral. O período chuvoso mostrou padrão similar, com maior comprimento nas estações do G1 e NDg e, menor nas estações do G3. As variabilidades sazonais e mensais das chuvas na RSM são condicionadas pelos Ciclones Tropicais, Sistemas Frontais, e a influência da Corrente Quente do Canal de Moçambique, enquanto as variabilidades espaciais são, principalmente, definidas pela Zona de Convergência Intertropical.

  14. Variabilidade genética de Eugenia uniflora L. em remanescentes florestais em diferentes estádios sucessionais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roberto Valmorbida Aguiar

    2013-04-01

    Full Text Available A compreensão da diversidade genética fornece elementos básicos sobre a dinâmica e funcionamento de populações, auxiliando na conservação e uso sustentável das espécies. Supõe-se que populações sucessionais precoces poderiam ser geneticamente mais diferenciadas do que populações sucessionais mais tardias. Visando testar esta hipótese, o presente trabalho teve como objetivo analisar a variabilidade genética de populações de Eugenia uniflora L. em manchas florestais em diferentes estádios sucessionais. Foram selecionadas duas áreas em diferentes estádios de sucessão, sendo a primeira em estádio inicial e a segunda em estádio avançado. A área de estudo apresenta um remanescente florestal em transição de Floresta Ombrófila Mista e Floresta Estacional Semidecídua. Por meio da técnica de RAPD (Random Amplified Polymorphic DNA e análise multivariada, a diversidade gênica esperada e a porcentagem de loci polimórficos foram estimadas, além da similaridade genética entre as populações de cada mancha florestal e a diversidade de cada área por meio do índice de diversidade de Simpson. Os resultados indicaram 79% de loci polimórficos para a área em estádio avançado e 70% para a área em estádio inicial de sucessão. A similaridade genética entre pares de indivíduos variou entre 0,55 e 0,86 na área em estádio inicial de sucessão e entre 0,45 e 0,78 para a área em estádio avançado. Não houve diferenças significativas entre a diversidade das duas áreas (P = 89. Um escalonamento multidimensional não-métrico indicou menor distância genética entre os indivíduos da área em estádio inicial. Da mesma forma, uma análise de similaridade - ANOSIM indicou separação entre os indivíduos das duas áreas.

  15. Variabilidade espacial de atributos físicos de um latossolo vermelho-amarelo, sob lavoura cafeeira

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Karina Marie Kamimura

    2013-08-01

    Full Text Available O conhecimento da variabilidade dos atributos físicos do solo é importante para o monitoramento da qualidade do solo, pois eles estão diretamente relacionados com a sustentabilidade da produção agrícola. Este estudo teve como objetivos avaliar e identificar as estruturas de dependência espacial, por meio da construção de semivariogramas, num Latossolo Vermelho-Amarelo (LVA, sob lavoura cafeeira; caracterizar as distribuições espaciais dos atributos físicos pela krigagem ordinária; e identificar a camada com maior impedimento físico. O experimento foi conduzido num LVA textura muito argilosa na Fazenda da Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais, em Patrocínio, MG. A amostragem foi realizada em trincheiras confeccionadas nas intersecções de uma malha retangular de 40 x 150 m, perfazendo um total de 28 pontos, de onde foram coletadas amostras indeformadas em anéis metálicos de 2,54 cm de altura e 6,30 cm de diâmetro, com auxílio do amostrador tipo Uhland. Cada trincheira possuía três degraus de 2,0 x 1,5 m de superfície, nas camadas de 0,00; 0,10; e 0,25 m, onde se coletaram sete amostras indeformadas em cada degrau, dispostas em forma matricial, totalizando 588 amostras. Os atributos físicos do solo apresentaram estrutura de dependência espacial em todas as camadas, exceto a porosidade total. A técnica de krigagem ordinária demonstrou ser alternativa viável para a estimativa de dados em pontos não amostrados na área experimental. A camada de 0,00-0,03 m apresentou maior impedimento físico ao crescimento de raízes, por apresentar maior densidade e menor macroporosidade do solo.

  16. Variabilidade genética em biotipos de leiteiro de Londrina/PR Genetic variability among Euphorbia heterophylla

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria José V. de Vasconcelos

    2000-08-01

    Full Text Available Euphorbia heterophylla, também conhecida como amendoim-bravo ou leiteira, é considerada planta invasora importante em mais de 56 países, inclusive no Brasil, tendo acarretado perdas de até 33 % na cultura da soja. Fenotipicamente, é uma espécie de características variáveis, especialmente em relação ao formato do limbo foliar. Esta variabilidade fenotípica tem sido utilizada para diferenciar e classificar as plantas, sugerindo a vários autores que a leiteira seria, de fato, constituída por diferentes espécies. Para estudar a variabilidade genética a nível de DNA entre plantas de Euphorbia heterophylla, que apresentam folhas morfologicamente diferentes, foram analisadas dez plantas diferentes coletadas em campos de soja, em Londrina/PR. As plantas foram transplantadas para casa-devegetação e o DNA das folhas foi extraído para análise pela técnica de RAPD. Vinte seis diferentes "primers", de dez nucleotídeos de sequência aleatória, geraram total de 102 bandas de DNA, sendo 38 delas polimórficas. A distância genética entre os indivíduos foi calculada em função da presença e da ausência das bandas, variando de 1 a 39% entre plantas. A análise de agrupamento dividiu as plantas em dois grupos, considerando limite de distância relativa de 22%. Os grupos gerados separaram nitidamente as plantas quanto ao formato do limbo foliar (estreito ou arredondado e quanto á ramificação (densa ou normal.Euphorbia heterophylla is an important weed affecting the performance of annual and perennial crops. It is native from tropical and subtropical regions in the American continent, and has been detected at high densities in 20 different countries worldwide, and at low densities in other 40 countries. In Brazil, it has been inclued among the ten most important weeds affecting different crops, causing yield losses up to 33% in soybean fields. Phenotypically, this species is extremely variable, especially in relation to leaf shape and

  17. Variabilidade entre isolados de Trichoderma harzianum: I - Aspectos citológicos Variability among Trichoderma harzianum isolates: I - Cytological aspects

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    E. Peres

    1995-04-01

    Full Text Available Objetivou-se neste trabalho estudar a variabilidade de isolados selvagens de Trichoderma harzianum baseado nas características culturais e citológicas. Observaram-se o tamanho dos fialosporos, número de núcleos por fialosporos e crescimento e esporulação em meio de malte-ágar. Pelos resultados aqui encontrados foi possível reconhecer que há variação entre os isolados selvagens da espécie T. harzianum. Com relação ao número de núcleos, verificou-se uma variação de 1 a 3 núcleos por fialosporos. Também observou-se padrões diferenciais de crescimento e morfologia da colônia. Mais de 50% dos isolados atingiram o máximo de crescimento em 48 horas.This study is based largely on morphological and cultural characters of Tríchoderma harzianum isolates. It were observed the size of phialospores, mycelial growth and sporulation on malt extract agar and nuclei number per phialospores, stained with Giemsa. A x 100 oil immersion len was used in examining and in measuring phialospores. Based on the size of phialospores, it was possible recognize that there is variaton among the wild isolates for the specie T. harzianum. Also, with relation to mycelial growth and sporulation can itself distinguish from one another different pattern. Up to 50% of isolates had maximum growth in 48 hours. The nuclei number of 1 to 3 per phialospore was observed.

  18. Genetic variability of Pantaneiro horse using RAPD-PCR markers Variabilidade genética do cavalo Pantaneiro utilizando marcadores RAPD-PCR

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Andréa Alves do Egito

    2007-08-01

    éticas e comparar a variabilidade genética entre e dentro de cada uma das raças. Dos 146 primers escrutinados, 13 foram escolhidos para amplificação com cada um dos indivíduos das oito populações, gerando um total de 44 bandas polimórficas. Os resultados encontrados na Análise de Variância Molecular (AMOVA indicam que grande parte da variabilidade genética detectada se deve a diferenças entre indivíduos dentro de populações (75,47%. Na análise da estimativa dos percentuais de variabilidade genética entre pares de populações, foram observados maiores valores para os pares formados entre as cinco populações de cavalo Pantaneiro e a raça Árabe, enquanto os menores percentuais ocorreram entre Pantaneiro e Mangalarga Marchador. Maior índice de diversidade gênica foi observado na raça Pantaneiro (0,3396. No dendrograma gerado pelo método UPGMA, a partir da matriz de similaridade obtida pelo coeficiente de Jaccard, houve distinção entre as raças naturalizadas (Pantaneiro e Mangalarga Marchador e as exóticas (Árabe e PSI. Os resultados encontrados sugerem que o Pantaneiro apresenta maior variabilidade genética que os de outras raças e está estreitamente relacionado ao Mangalarga Marchador.

  19. Variabilidade espacial do fósforo e das frações granulométricas de um Latossolo Vermelho Amarelo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Samuel de Assis Silva

    Full Text Available Resumo Este trabalho foi realizado para estudar a variabilidade espacial do fósforo, estimando-a através de cokrigagem, tendo como co-variáveis as frações granulométricas do solo. O estudo foi realizado na fazenda experimental do INCAPER-ES. O solo foi amostrado na projeção da copa da cultura e na profundidade de 0-0,20 m, em uma malha irregular com 109 pontos. Os dados foram, inicialmente, submetidos a uma análise descritiva e de correlação. Por meio da geoestatística realizou-se o ajuste dos variogramas. O P apresentou correlação significativa com as frações areia e argila indicando que áreas com maiores concentrações de argila apresentam menor disponibilidade desse nutriente. Ambas as frações possuem igual eficiência como co-variável na estimativa dos níveis de P no solo.

  20. Variabilidade genética para teor de proteína bruta em grãos de aveia Genetic variability for total grain protein in oat

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rodrigo Rodrigues Matiello

    1997-06-01

    Full Text Available O aumento da utilização dos grãos de aveia na alimentação humana tem estimulado os melhoristas a selecionar genótipos com alta qualidade de grãos. O presente trabalho foi realizado com o objetivo de identificar e caracterizar a variabilidade genética para o caráter teor de proteína bruta de grãos em genótipos cultivados de aveia, introduções silvestres de A. fatua L., A. sterilis L. e em populações híbridas de A. sativa L. x A. sterilis L. Os resultados revelaram uma ampla variabilidade genética para o caráter dentro dos grupos estudados. As diferenças observadas entre os genótipos cultivados parecem ocorrer devido a constituição genotípica diferenciada. O grupo silvestre de A. sterilis L. foi, em média, superior aos demais, sendo que a introdução I-325 se destacou pelo alto teor de proteína. O comportamento similar entre as introduções de A. fatua L. pode ser atribuído a coleta de introduções de apenas uma região, o que reduziu a variabilidade genética. Foram encontrados híbridos artificiais entre A. sativa L. x A. sterilis L. com alto teor de proteína e características desejáveis do grupo cultivado.The increased use of oat grains as human food has stimulated plant breeders to select genotypes with high grain quality. This work aimed to identify and characterize genetic variability for total grain protein in cultivated oat and introductions of A. fatua L., A. sterilis L. and hybrid populations from A. sativa L. x A. sterilis L.. The results showed a large genetic variability for the trait in the studied groups. Differences among cultivated oat genotypes may be attributed to different genetic constitution. A. sterilis L. group showed high protein content specially with the introduction of I-325. Genotypes from A. fatua L. showed similar low levels of protein probably because the narrow range of regions sampled in this study. Some hybrids from A. sativa L. x A. sterilis L. showed high protein content and

  1. Variabilidad espacial de propiedades físicas y químicas en suelos de la granja experimental de la Universidad del Magdalena (Santa Marta, Colombia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Menjivar Flores Juan Carlos

    2010-12-01

    Full Text Available En suelos destinados a la actividad agrícola de la granja experimental de la Universidad del Magdalena, Santa Marta - Colombia (74º 07' Y 74º 12' longitud oeste y 11º 11' y 11º 15' latitud, se estudió la variabilidad espacial de las propiedades físicas: humedad gravimétrica, textura, densidad aparente (Da, resistencia a la penetración (RP y conductividad hidráulica (KH y químicas: Materia orgánica (MO, pH, CIC, N, P, K, Ca+2, Mg+2, Na+, Cu, Zn, Fe, Mn, B, utilizando una grid o malla de 29m*29m con 184 puntos de muestreo. El análisis de los datos se realizó empleando enfoques univariado, geoestadístico y multivariado. El análisis estadístico de los resultados mostró gran variabilidad de las propiedades; la densidad aparente y el pH presentaron baja variación; los componentes texturales, la RP, Ca+2, Mg+2, Cu y B mostraron variación media, mientras que la humedad gravimétrica, KH, MO, K+, Na+, CIC, Zn, P, Mn y Fe, expresaron alta variación. Con el análisis Geoestadístico se visualizó y graficó la variabilidad de cada propiedad evaluada y se evidenció la existencia de moderada dependencia espacial en las propiedades excepto en los contenidos de arena, Ca+2, CIC, P y Cu que revelan fuerte dependencia espacial. El índice de homogeneidad multivariado para los suelos en estudio fue bajo, siendo textura, Na+, B, Fe, K, pH, Ca y MO las propiedades con mayor contribución a la heterogeneidad. El análisis de clasificación permitió agrupar cuatro zonas con condiciones edáficas similares, las que se podrán utilizar para determinar el sistema de muestreo, número de muestras, tamaño y distribución de unidades experimentales y con ello facilitar la implementación de prácticas de manejo agronómico acordes con las características de cada zona.

  2. Variabilidad espacial de propiedades físicas y químicas en suelos de la granja experimental de la Universidad del Magdalena (Santa Marta, Colombia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Rafael Vásquez Polo

    2010-10-01

    Full Text Available En suelos destinados a la actividad agrícola de la granja experimental de la Universidad del Magdalena, Santa Marta - Colombia (74° 07' Y 74° 12' longitud oeste y 11° 11' y 11° 15' latitud, se estudió la variabilidad espacial de las propiedades físicas: humedad gravimétrica, textura, densidad aparente (Da, resistencia a la penetración (RP y conductividad hidráulica (KH y químicas: Materia orgánica (MO, pH, CIC, N, P, K, Ca+2, Mg+2, Na+, Cu, Zn, Fe, Mn, B, utilizando una grid o malla de 29m*29m con 184 puntos de muestreo. El análisis de los datos se realizó empleando enfoques univariado, geoestadístico y multivariado. El análisis estadístico de los resultados mostró gran variabilidad de las propiedades; la densidad aparente y el pH presentaron baja variación; los componentes texturales, la RP, Ca+2, Mg+2, Cu y B mostraron variación media, mientras que la humedad gravimétrica, KH, MO, K+, Na+, CIC, Zn, P, Mn y Fe, expresaron alta variación. Con el análisis Geoestadístico se visualizó y graficó la variabilidad de cada propiedad evaluada y se evidenció la existencia de moderada dependencia espacial en las propiedades excepto en los contenidos de arena, Ca+2, CIC, P y Cu que revelan fuerte dependencia espacial. El índice de homogeneidad multivariado para los suelos en estudio fue bajo, siendo textura, Na+, B, Fe, K, pH, Ca y MO las propiedades con mayor contribución a la heterogeneidad. El análisis de clasificación permitió agrupar cuatro zonas con condiciones edáficas similares, las que se podrán utilizar para determinar el sistema de muestreo, número de muestras, tamaño y distribución de unidades experimentales y con ello facilitar la implementación de prácticas de manejo agronómico acordes con las características de cada zona.

  3. CARACTERIZAÇÃO ESPECTRAL DA CANA-DE-AÇÚCAR INFECTADA POR NEMATOIDES E MIGDOLUS FRYANUS POR ESPECTRORRADIOMETRIA DE CAMPO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    George Deroco Martins

    Full Text Available O cultivo da cana-de-açúcar no Brasil, embora assistido por técnicas modernas de plantio, é alvo constante de parasitas do sistema radicular. Por registrar seletivamente o fluxo espectral da radiação eletromagnética refletida pela vegetação, o sensoriamento remoto tornou-se uma poderosa ferramenta na detecção das plantas infectadas por patógenos do solo. Com o objetivo de caracterizar espectralmente a cana-de-açúcar sadia e infectada por nematoides e pela larva do besouro Migdolus fryanus, foram tomadas medidas radiométricas in situ e geradas curvas hiperespectrais de plantas sadias e infectadas. Técnicas específicas de análise espectral, como a determinação da posição da borda do vermelho limítrofe (Red Edge Position Determination - REPD e diferentes índices espectrais foram avaliados para discriminar as três ocorrências. As curvas de reflectância mostraram diferenças em magnitude principalmente nos comprimentos de onda do vermelho e infravermelho próximo e, assim como a determinação do REP e os índices de clorofila b, NDVI, MCARI e TCARI, permitiram distinguir apenas entre plantas sadias e infectadas. As razões espectrais sensíveis aos pigmentos clorofila a e carotenoides, porém, discriminaram as três ocorrências, inclusive plantas infectadas por nematoides e Migdolus fryanus. A melhor discriminação foi obtida com o índice de carotenoides, um pigmento fortemente relacionado com estresse da planta

  4. ANÁLISE DA VARIABILIDADE DA FREQUÊNCIA CARDÍACA EM INDIVÍDUOS HIPERTENSOS SUBMETIDOS À HIDROTERAPIA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renata França

    2012-06-01

    Full Text Available Arterial hypertension (AH is the systolic pressure greater than or equal to 140 mmHg and diastolic blood pressure greater than or equal to 90 mmHg, a morbid condition present in a large population. Since the heart rate (HR is modulated by sympathetic and parasympathetic branches of the autonomic nervous system (ANS. Autonomic changes may be given by the analysis of heart rate variability (HRV, which determines the preservation or impairment of cardiac SNA, witch is extremely associated with the risk of mortality. The purpose of this research was to observe the response of HR in order to facilitate clinical interpretation, exercise prescription and prevention of cardiovascular diseases. The participants were 15 hypertensive, sedentary, age 50 to 75 years, assessed medical history, medication and stress test analysis of walking to the degree of risk stratification and better planning of treatment. The physiotherapy treatment was performed in the heated pool of physical therapy clinic at the University of Oeste Paulista - UNOESTE of Presidente Prudente. The implementation of physical activity was performed with 60 to 75% of submaximal heart (195 - age using the Karvonen formula. It was used T test for paired data. Results proved significant in RR intervals (p0.005. The survey revealed that there was no change in HRV after the training period, assuming that the holiday period and the absence of treatment in some patients may have influenced the responses.

  5. Construção de um catálogo de aglomerados abertos para estudo da dinâmica da estrutura espiral da Galáxia

    Science.gov (United States)

    Carlos, I. M.; Lépine, J. R. D.

    2003-08-01

    Os aglomerados abertos são objetos de grande valor para o estudo da dinâmica da Galáxia devido esses objetos terem uma faixa de idade relativamente ampla. O trabalho visa estudar a dinâmica da estrutura espiral da Galáxia principalmente através do uso desses aglomerados, uma vez que o estudo da cinemática desses objetos é fundamental para esse objetivo. Nosso grupo trabalha no sentido de construir uma base de dados de aglomerados abertos contendo coordenadas, distância, idade, movimentos próprios e velocidades radiais e já disponibiliza uma nova versão do catálogo de aglomerados abertos o qual é uma compilação de edições anteriores, principalmente Lynga (1987), Mermilliod (1995) e ESO-B (Lauberts 1982). Nossa amostra possui cerca de 1630 aglomerados, mas nem todos os parâmetros acima citados foram determinados em sua totalidade. Para determinarmos esses parâmetros, derivamos as cores intrínsecas das estrelas membro de cada aglomerado a partir de seus tipos espectrais (busca feita no SIMBAD) obtendo assim o excesso de cor individual. A distribuição dos excessos de cor foi então utilizada para derivarmos o avermelhamento médio para cada aglomerado. De maneira similar, os tipos espectrais foram usados para estimar as magnitudes absolutas, e com as magnitudes absolutas e aparentes determinamos a respectiva distribuição do módulo de distância e finalmente a distância. Para determinar as idades foram confeccionados os diagramas cor-magnitude das estrelas de cada aglomerado onde foram superpostas a Seqüência Principal de Idade Zero (ZAMS). Superpomos a ZAMS de Schmidt-Kaler e isócronas de composição solar. Essas isócronas foram usadas para determinação das idades dos aglomerados. Uma vez que não temos ainda resultados finais, apresentamos então alguns diagramas cor-magnitude os quais foram usados para determinação, principalmente, da distância e idade dos aglomerados.

  6. Incertezas na predição da erosão com a usle: impactos e mitigação

    OpenAIRE

    Chaves,Henrique Marinho Leite

    2010-01-01

    Apesar de haver significativa variabilidade espacial e temporal nas variáveis de modelos de predição de erosão, mesmo em áreas consideradas homogêneas, ela é raramente incorporada na análise e no planejamento conservacionista. As consequências dessa simplificação são predições incorretas de perda de solo, com implicações para a sustentabilidade agrícola e ambiental de glebas. Os objetivos deste trabalho foram: (a) estimar o efeito da variabilidade espacial e temporal dos fatores da Equação Un...

  7. Genetic variability of Brazilian phytoplasma and spiroplasma isolated from maize plants Variabilidade genética de fitoplasma e espiroplasma isolados de plantas de milho no Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eliane Aparecida Gomes

    2004-01-01

    Full Text Available The objective of this work was to characterize the genetic variability of phytoplasma and Spiroplasma kunkelii isolated from maize plants showing symptoms of stunt collected from different Brazilian geographic regions. A DNA fragment of 500 base pairs (bp was amplified from the spiralin gene in S. kunkelii and one fragment of 1,200 bp was generated from 16S rDNA gene in phytoplasma. The partial sequences of the spiralin gene showed similarity of 98% among the isolates of S. kunkelii analyzed. These sequences were compared with the sequence of the spiralin gene from other Spiroplasma species deposited in the GenBank, resulting in a similarity varying from 76.9% to 88.1%. The 16S rDNA sequence from the phytoplasma were completely similar within the Brazilian isolates and showed up to 98% of the similarity with sequences already found from other phytoplasmas. A very narrow genetic variability was detected by these gene fragments within phytoplasma and Spiroplasma analyzed. However, other genomic regions with higher polymorphic levels shall be identified in order to better evaluate the genetic diversity within these microorganisms population.O objetivo deste trabalho foi caracterizar a variabilidade genética de isolados de fitoplasma e de Spiroplasma kunkelii obtidos de plantas de milho, apresentando sintomas de enfezamento, coletados em diferentes regiões do Brasil. Um fragmento de 500 pares de bases (pb do gene que codifica a espiralina de S. kunkelii foi amplificado e um produto de amplificação de 1.200 pb foi gerado a partir do gene 16S rDNA de fitoplasma. As seqüências parciais do gene da espiralina mostraram similaridade de 98% entre os isolados de S. kunkelii analisados. Essas seqüências foram comparadas com a seqüência do gene da espiralina de outras espécies de Spiroplasma depositadas no GenBank, resultando em similaridade variável entre 76,9% e 88,1%. As seqüências do gene 16S rDNA dos isolados de fitoplasma foram

  8. El efecto colegio sobre la variabilidad del rendimiento en matemáticas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elkin Castaño

    1998-07-01

    Full Text Available En estudios de educación, es de gran interés tratar de determinar la importancia que tienen las características propias de los colegios sobre el rendimiento que obtienen sus estudiantes. En otras palabras, los investigadores quieren saber qué porcentaje de la variabilidad del rendimiento es explicado por el “efecto colegio”. Desafortunadamente, en la mayoría de los estudios realizados hasta ahora, esta pregunta ha quedado sin respuesta debido a que las técnicas usadas, como la regresión lineal estándar, no permiten descomponer la variabilidad del rendimiento entre la variabilidad explicada por las características propias de los estudiantes y la explicada por las características de los colegios. Dichas técnicas fallan al no reconocer que en estos casos los datos son generados por estructuras jerárquicas, es decir los datos son observados en diferentes niveles: generalmente se tiene variables que describen los individuos, y los individuos están agrupados en unidades más grandes de las cuáles también se tienen variables que las describen. Este trabajo ilustra como el uso de los modelos jerárquicos lineales (Mason, Wong y Entwistle, 1983; Bryck y Raundenbush, 1992 sobre la Encuesta Saber 93, permite concluir que aproximadamente el 29% de la varianza del rendimiento en matemáticas de los estudiantes de tercero de primaria es explicada por el efecto colegio.

  9. Variabilidad lateral para evaluar la velocidad de respuesta de una carta de control de procesos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alicia Quintana

    2011-07-01

    Full Text Available La Ingeniería Industrial juega actualmente un rol esencial en el monitoreo de procesos que siguen la metodología Six Sigma. Las Cartas de Control Estadístico permiten monitorearlos periódicamente. La velocidad de su respuesta es evaluada mediante la Longitud de Corrida y merece atención especial, juega un papel determinante en la búsqueda de una carta que se ajuste a las características de producción. La elevada dispersión y marcada asimetría de la Longitud de Corrida hacen que la Variabilidad Total (Coeficiente de Variación no describa adecuadamente la dispersión de aquella longitud. En publicaciones anteriores, los autores propusieron variabilidades laterales acordes a cada estado del proceso. El objetivo del trabajo es evaluar cuantitativamente las ventajas de su uso. El método empleado fue el análisis de la razón variabilidad lateral/variabilidad total en cartas seleccionadas. Los resultados alcanzados evidencian tales ventajas, se hacen más notorias en el uso de muestras y en el interés por los corrimientos grandes en la media del proceso. Se ilustran dos casos donde se destacan las diferencias entre los criterios convencional y no convencional para evaluar la velocidad de respuesta de una carta. Industrial Engineering currently plays an essential role in the processes monitoring that follow the Six Sigma methodology. Statistical Control Charts allow to monitor them periodically. Its response speed is evaluated by the Run Length and deserves special attention, it plays a decisive role in the search for a Control Chart according to the characteristics of production. The high dispersion and strong skewness of the Run Length do that the Total Variability (Coefficient of Variation does not adequately describe the dispersion of that length. In previous publications, the authors proposed lateral variabilities suitable for each state of the process. The aim of this work is to evaluate quantitatively the advantages of its use. The

  10. Variabilidad espacial y temporal de la temperatura del aire en la zona cafetera colombiana

    OpenAIRE

    Edna Paola Pérez Rendón; Víctor Hugo Ramírez Builes; Andrés Javier Peña Quiñones

    2016-01-01

    La zona cafetera colombiana está ubicada en- teramente en el hemisferio norte, entre los 1 y 11° grados de latitud, sobre la cordillera de los Andes. Esta condición (ecuatorial andina) ha hecho que se dé por sentado que la variación temporal de la temperatura es mínima y que por ello, en su mayor parte la variabilidad de este elemento es es- pacial, atribuible casi exclusivamente a los cambios en altura sobre el nivel del mar. En este estudio se exploran factores de variación al...

  11. Variabilidad genética en razas locales de frijol común de Honduras

    OpenAIRE

    Meza Linarez, Narcizo; Rosas Sotomayor, Juan Carlos; Ortiz Marcide, Jesus Maria; Martin Clemente, Juan Pedro

    2010-01-01

    Las regiones agroecológicas Centro-Oriental (Francisco Morazón y El Paraíso) y Nor-Oriental (Olancho) aportan el 52% de la producción de frijol común (Phaseolus vulgaris) en Honduras. En el presente estudio se ha analizado la variabilidad genética en 59 razas locales colectadas en los tres departamentos de las dos regiones agroecológicas mencionadas, mediante cuatro loci microsatélites previamente descritos en P. vulgaris. Los resultados obtenidos muestran la existencia de una gran variabilid...

  12. Matrices de transición y patrones de variabilidad cognitiva / Transition Matrix and Patterns of Cognitive Variability

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Julio César Ossa Ossa

    2013-06-01

    Full Text Available En este trabajo se aborda la variabilidad a través de la clasificación y las coordinaciones inferenciales. Participaron 34 niños de cuatro años de edad que asisten a seis jardines infantiles de la ciudad de Cali (Colombia. Se utilizó una tarea que implica el uso de hasta cinco criterios de clasificación. Se empleó el método microgenético para obtener datos detallados sobre aspectos cualitativos y cuantitativos de cambio. Para cuantificar las variaciones de los desempeños, se recurrió a las matrices de transición (derivadas de los modelos de Markov. Los resultados arrojan tres tipos de variabilidad (patrones que responden a diferentes usos de la clasificación y diferentes niveles de coordinación inferencial. Se concluye que la variabilidad es la evidencia de los desequilibrios cognitivos.

  13. VARIABILIDAD DEL PARÁMETRO DE RUGOSIDAD SOBRE UNA COBERTURA VEGETAL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    María Isabel Gassmann

    2015-12-01

    Full Text Available La longitud de rugosidad es un parámetro de escala característico de la capa de superficie, utilizado en estudios micrometeorológicos, de contaminación urbana, de potencial eólico o en los modelos dinámicos de pronóstico del tiempo y el clima. Experimentalmente este parámetro se determina a partir de datos observacionales del perfil de viento bajo condiciones neutrales de estabilidad atmosférica. Sin embargo, existen evidencias de una dependencia del mismo con los cambios en la estabilidad. Utilizando datos observados sobre una superficie con cobertura vegetal y bajo las hipótesis de la teoría de la semejanza de Monin-Obukhov, se estudió la variabilidad del parámetro de rugosidad con la estabilidad atmosférica. Se obtuvieron expresiones empíricas que permitieron estimar esa longitud en función de un parámetro de estabilidad. Se encontraron variaciones en su magnitud de hasta dos órdenes bajo condiciones estables, mientras que en condiciones inestables su variabilidad fue pequeña. Por otra parte, se estudió el impacto que producen las parametrizaciones obtenidas al aplicarlas en un preprocesador meteorológico para un modelo de difusión de contaminantes. Los resultados obtenidos tendrían un impacto directo en el campo de velocidades cercano a superficie

  14. CAMBIO CLIMÁTICO Y VARIABILIDAD ESPACIO - TEMPORAL DE LA PRECIPITACIÓN EN COLOMBIA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Andrés Felipe Hurtado Montoya

    Full Text Available Se revisan los estudios existentes sobre el impacto del cambio climático en la precipitación en Colombia. Se argumenta a favor del análisis de las observaciones y se resaltan las limitaciones de los modelos para predecir el impacto futuro. A partir de la reconstrucción histórica de la precipitación en Colombia, conformada por 384 mapas de precipitación mensual en el periodo 1975-2006 a una resolución espacial de 5 minutos de arco, se estudia la variabilidad espacio - temporal de una de las principales variables del ciclo hidrológico. El trabajo investigativo realizado sobre la serie de mapas disponibles consistió en la estimación y análisis de Funciones Ortogonales Empíricas, Componentes Principales y pruebas estadísticas de homogeneidad para la detección de cambios o tendencias en el tiempo de precipitación mensual en Colombia. El estudio avanza en el entendimiento de la variabilidad espacio - temporal del recurso hídrico en el país, así como en la identificación de señales y efectos del cambio climático. Se termina con una breve reflexión sobre los problemas de investigación derivados del cambio climático.

  15. ALGORITMOS DE APRENDIZAGEM DE MÁQUINA E VARIÁVEIS DE SENSORIAMENTO REMOTO PARA O MAPEAMENTO DA CAFEICULTURA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carolina Gusmão Souza

    Full Text Available A cafeicultura é uma das principais culturas agrícolas do Brasil e realizar o mapeamento e monitoramento desta cultura é fundamental para conhecer sua distribuição espacial. Porém, mapear estas áreas utilizando imagens de Sensoriamento Remoto não é uma tarefa fácil. Sendo assim, este trabalho foi realizado com o objetivo de comparar o uso de diferentes variáveis e algoritmos de classificação para o mapeamento de áreas cafeeiras. O trabalho foi desenvolvido em três áreas diferentes, que são bastante significativas na produção de café. Foram utilizados 5 algoritmos de aprendizagem de máquinas e 7 combinações de variáveis: espectrais, texturais e geométricas, associadas ao processo de classificação. Um total de 105 classificações foram realizadas, 35 classificações para cada uma das áreas. As classificações que não usaram variáveis espectrais não resultaram em bons índices de acurácia. Nas três áreas, o algoritmo que apresentou as melhores acurácias foi o Support vector machine, com acurácia global de 85,33% em Araguari, 87% em Carmo de Minas e 88,33% em Três Pontas. Os piores resultados foram encontrados com o algoritmo Random Forest em Araguari, com acurácia global de 76,66% e com o Naive Bayes em Carmo de Minas e Três Pontas, com 76% e 82% de acerto. Nas três áreas, variáveis texturais, quando associadas às espectrais, melhoraram a acurácia da classificação. O SVM apresentou o melhor desempenho para as três áreas

  16. Análise físico-química do óleo-resina e variabilidade genética de copaíba na Floresta Nacional do Tapajós

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ederly Santos Silva

    2012-11-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi caracterizar o óleo-resina da copaíba (Copaifera reticulata e estimar, por meio de marcadores microssatélites, a variabilidade genética da espécie na Floresta Nacional do Tapajós, PA. A amostragem foi realizada em duas áreas, distanciadas de 5 km, em 136 árvores. A diversidade genética foi avaliada com seis marcadores microssatélites derivados de C. langsdorffii, e o óleo obtido de 30 árvores (15 de cada área foi caracterizado em termos físicos e químicos. O óleo C. reticulata apresenta aspecto líquido, fino, odor fraco e de coloração amarelo-dourada (73,3% das plantas, com viscosidade muito variável (18 a 187 Pa-s e densidade média de 0,975±0,049 g cm-3. O índice de acidez variou de 9,62 a 10,17 mg g-1 de KOH e o de saponificação de 100,63 a 109,84 mg g-1. A análise molecular identificou 78 alelos, com média de 13 por loco. A heterozigosidade esperada variou 0,59 a 0,85 (média de 0,75, com nível de endogamia de 0,375 a 0,419. Houve pouca diferenciação genética entre as populações das diferentes áreas de coleta (F ST = 0,030, mas a variabilidade foi maior entre os grupos genéticos detectados pelo programa Structure (F ST = 0,070. Essa maior variabilidade indica que não há ameaças à conservação genética da copaíba, em médio prazo.

  17. Variabilidade genética de etnovariedades de mandioca, avaliada por marcadores de DNA Genetic diversity of cassava folk varieties assessed by DNA markers

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gilda Santos Mühlen

    2000-06-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi quantificar a variabilidade genética de etnovariedades ("folk varieties" de mandioca e examinar a distribuição desta variabilidade entre grupos de etnovariedades de diferentes locais de origem e tipos. Foram escolhidas 54 etnovariedades de mandioca originárias de quatro regiões brasileiras: 45 etnovariedades da Amazônia (23 do Rio Negro, 6 do Rio Branco e 16 do Rio Solimões e 9 do litoral sul do Estado de São Paulo. A variedade moderna Mantiqueira¹, de ampla distribuição mundial, também foi incluída. Destas, 38 variedades eram mandiocas bravas e 17 de mesa (aipins ou macaxeiras. Foram utilizados três tipos de marcador de DNA: RAPD, AFLP e microssatélites. A análise dos resultados consistiu na descrição do padrão de bandas, cálculo de índices de similaridade (Nei & Li; 1979 e análise de coordenadas principais (PCoA, para cada tipo de marcador. Para os locos de microssatélites foram calculados também: heterozigozidade, índices de diversidade (DI, de Weir e coeficientes de diferenciação genética (G ST. A variabilidade genética mostrou-se mais concentrada dentro de regiões do que entre regiões (G ST = 0,07. A heterozigozidade média foi de 56%. Os índices médios de similaridade entre variedades variaram em função do tipo de marcador: S = 0,89 para RAPD, S = 0, 85 para AFLP e S = 0,59 para microssatélites. Análises de coordenadas principais mostraram agrupamentos separando as variedades de mesa das bravas.The objective of this work was to quantify the genetic diversity among cassava folk varieties as well as to examine the distribution of the genetic diversity among varieties of different origin and type. Fifty-four cassava varieties were chosen from 4 Brasilian regions: 45 of the Amazon basin (23 from River Negro, 6 of the River Branco and 16 of the River Solimões and 9 of the south coast of the São Paulo State, Brazil. The modern variety Mantiqueira was also included as a

  18. Variabilidade climática para o município de Patos, Paraíba, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hudson Ellen Alencar Menezes

    2015-12-01

    Full Text Available O trabalho tem como objetivo avaliar as variabilidades climáticas no município de Patos – PB, enfocando tais variações como um meio para compreender futuras mudanças. Para realização deste trabalho utilizou-se dados de temperatura máxima do ar, umidade relativa do ar e totais pluviométricos mensais e anuais no período de 1994 a 2012, da Estação Meteorológica do INMET na cidade de Patos. Como resultado pode-se afirmar que a temperatura do ar máxima anual demonstrou grande variação entre o período estudado, a temperatura máxima absoluta foi incrementada de 7% e a temperatura mínima absoluta sofreu uma redução de 10, podendo acarretar vários problemas socioeconômico, bem como, para a saúde humana. A partir dos dados, verifica-se, também, que a umidade relativa do ar está sendo incrementado ao longo da série estudada, fato que pode estar relacionado com o aumento da temperatura e consequentemente com uma maior evaporação das águas. Sobre os totais pluviométricos anuais, nota-se que os valores estão aumentando gradativamente, sendo que esse aumento pode estar relacionado com o aumento da temperatura, que faz com que se tenha uma maior evaporação e consequentemente uma maior precipitação.Climate variability for Patos city, Paraíba state, BrazilAbstract: The study aims to assess climate variability in Patos – PB city, focusing on such variations as a means to understand future changes. For this work we used maximum air temperature data, relative humidity and total monthly and annual rainfall from 1994 to 2012, the INMET Meteorological Station in Patos city. As a result one can be said that the temperature of maximum annual air showed great variation between the study period, the absolute maximum temperature was increased from 7% and the absolute minimum temperature was reduced by 10, which may cause various socio-economic problems as well as to human health. From the data, it appears also that the relative air

  19. Variabilidade genética do umbuzeiro no Semi-Árido brasileiro, por meio de marcadores AFLP Genetic variability of umbu trees in Brazilian Semi-Arid region, based on AFLP markers

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Antonio Fernandes Santos

    2008-08-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar a distribuição da variabilidade genética do umbuzeiro (Spondias tuberosa, no Semi-Árido brasileiro, por meio de marcadores AFLP, para subsidiar estratégias de prospecção e conservação da espécie. Foram analisados 68 indivíduos de umbuzeiro de 15 ecorregiões, pelo dendrograma UPGMA e pela dispersão em escala multidimensional (MDS, com o coeficiente de Jaccard de 141 bandas polimórficas de AFLP. A análise da variância molecular foi realizada pela decomposição total entre e dentro das regiões ecogeográficas. O dendrograma apresentou valor cofenético de 0,96, e o gráfico MDS apresentou 0,25 para a falta de ajustamento. A variabilidade genética do umbuzeiro foi estimada em 0,3138, o que indica grande variação entre os grupos de indivíduos. Agrupamentos específicos foram observados em seis regiões ecogeográficas, enquanto nas demais regiões observaram-se pares entre alguns indivíduos, sem formação de agrupamentos específicos por local de amostragem, o que indica que a variabilidade genética do umbuzeironão está uniformemente distribuída no Semi-Árido. Sugerem-se estratégias para o estabelecimento de maior número de áreas para conservação in situ ou amostragens de menor número de indivíduos, em várias unidades de paisagens, para conservação ex situ da variabilidade genética do umbuzeiro.The objective of this work was to evaluate the genetic variability distribution of umbu tree (Spondias tuberosa, within Brazilian Semi-Arid region, based on AFLP markers, in order to suggest prospecting and preservation strategies for this species. Sixty-eight umbu trees of 15 ecogeographic regions were analyzed for 141 polymorphic AFLP bands, through the UPGMA dendrogram and the multidimensional scaling (MDS, based on Jaccard's coefficient . Analysis of molecular variance was accomplished by total decomposition among and within ecogeographic regions. The dendrogram presented co

  20. Influencia de la variabilidad climática en las enfermedades respiratorias agudas en Bogotá

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    María Elsa Correal

    2015-08-01

    Conclusión. Debido al componente dinámico de estos modelos, los resultados son un primer paso para el diseño de un sistema de alerta temprana en salud que tome en cuenta la variabilidad climática.

  1. Efectos contextuales asociados a la variabilidad del riesgo de depresión en adultos mayores, Antioquia, Colombia, 2012

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Doris Cardona

    2015-03-01

    Conclusiones. El municipio y la manzana de residencia aportaron 10 % de la variabilidad total del riesgo de depresión en los adultos mayores. Esta información es importante para fomentar la participación y adhesión de los adultos mayores a grupos comunitarios.

  2. VARIABILIDADE DE ATRIBUTOS FÍSICO-QUÍMICOS E DOS ESTOQUES DE CARBONO ORGÂNICO EM ARGISSOLO VERMELHO SOB SISTEMAS AGROFLORETAIS NO ASSENTAMENTO UMARI SUL DO AMAZONAS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Joiada Moreira da Silva Linhares

    2016-08-01

    Full Text Available Os sistemas agroflorestais (SAF’s além de gerar renda e alimentos, apresentam potencial para atenuar a liberação de carbono do solo, causada pela mudança no uso da terra na Amazônia. Nosso objetivo foi avaliar a variabilidade de atributos físico-químicos do solo e dos estoques de carbono (EC orgânico do solo em SAF’s do assentamento rural Umari, sul do Amazonas. Foram utilizados quatro métodos: i preparação de base cartográfica e processamento digital de imagem, ii construção parcela fixa e monólito de solo, iii análise física e química de solo e iv análise estatística e geoestatística. No SAF19 e SQF15 observou-se os maiores EC (21,02 Mg C. ha-1 e 18.86 Mg C. ha-1 na camada de 0 -10cm de profundidade no período chuvoso e os menores EC (2,58 Mg C. ha-¹ foram registrados na agrícola itinerante. Os SAF’s com maior tempo de adoção promoveram o aumento do EC e a recuperação de atributos químicos do solo do PA-Umari.

  3. Tendências na variabilidade climática sazonal e anual das temperaturas máxima e mínima do ar no Estado do Paraná

    OpenAIRE

    Minuzzi,Rosandro Boligon; Caramori,Paulo Henrique; Borrozino,Edmirson

    2011-01-01

    O presente trabalho teve por objetivo analisar a variabilidade sazonal e anual das temperaturas máxima e mínima do ar no Estado do Paraná. A Análise de Regressão e o teste de Kendall foram utilizados para testar a tendência das médias de temperatura máxima e mínima, do número de dias com registros de temperatura inferior a 3 °C, dos eventos extremos e valores absolutos diários da temperatura máxima e mínima nas escalas sazonal (verão, outono, inverno e primavera) e anual. Os pontos de descont...

  4. Variability in Galactomannan detection by platelia Aspergillus EIA™ according to the Aspergillus species Variabilidade na detecção de galactomanana pelo Platelia Aspergillus EIA® de acordo com a espécie de Aspergillus

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Melissa Orzechowski Xavier

    2013-06-01

    Full Text Available Here we investigate the extent to which different Aspergillus species release galactomannan (GM in vitro. Marked variability was observed in GM reactivity between and within Aspergillus species, with A. terreus strains showing the highest GM indexes. The in vivo significance of these findings remains to be determined.O estudo objetivou investigar a liberação in vitro de galactomanana (GM em distintas espécies patogênicas de fungos do gênero Aspergillus. Grande variabilidade foi detectada tanto intra quanto inter espécies, sendo as cepas da espécie A. terreus relacionadas aos maiores índices de GM detectados. O significado in vivo destes achados permanece em aberto, porém merece investigação.

  5. Variabilidade genética e ecológica de Stylosanthes macrocephala determinadas por RAPD e SIG Genetic and ecological variability of Stylosanthes macrocephaladetermined by RAPD markers and GIS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Maria Barros

    2005-09-01

    Full Text Available Stylosanthes macrocephala M. B. Ferr. et S. Costa é uma leguminosa utilizada sob consorciação em pastagens, adubação e recuperação de áreas degradadas. A falta de características morfológicas e agronômicas estáveis e de informações ecogeográficas dos locais de coleta dos acessos tem dificultado o melhoramento genético da espécie. A fim de obter descritores ecológicos, moleculares e avaliar a variabilidade genética da coleção de S. macrocephala, 87 acessos foram analisados com o auxílio do Sistema de Informações Geográficas (SIG e de marcadores moleculares RAPD. Os acessos provieram de sete Estados, cinco bacias hidrográficas, sete tipos de vegetação e sete tipos de solos. As altitudes dos locais de coleta variaram de 1 a 1.298 m e a pluviometria anual média de 550 a 2.870 mm. A variabilidade de descritores ecológicos sugeriu diversidade adaptativa na coleção. Com base em 161 marcadores RAPD, verificou-se que as distâncias genéticas entre os acessos de S. macrocephala variaram entre 0,02 e 0,42. Com base nessas distâncias, dez grupos de similaridade genética foram estabelecidos. Observou-se tendência de separação por bacias hidrográficas e elevada variabilidade gen��tica entre os acessos coletados nos estados da Bahia e de Minas Gerais. A alta variabilidade genética da coleção de S. macrocephala evidencia a importância desses acessos para futuros trabalhos de melhoramento genético.Stylosanthes macrocephala M. B. Ferr et S. Costa is a leguminous species used as forage, cover crop and as a pioneer plant to recover degraded areas. Inexistence of stable morphological descriptors and lack of ecogeographic information about collecting sites bring difficulties to the studies of this species. The objective of this work was to use the geographic information system (GIS and RAPD markers to obtain ecological and molecular descriptors and to study the genetic variability of 87 S. macrocephala accessions. The

  6. Elasticidad inversión-ingreso: análisis de su variabilidad

    OpenAIRE

    Cerrudo, Jerónimo Martín

    2011-01-01

    El objetivo del análisis desarrollado consiste en identificar los motivos fundamentales que determinan la variabilidad de la elasticidad inversión-ingreso en Argentina, para el período comprendido entre los años 1983 y 2006; a fin de responder el interrogante de por qué la tasa de variación de la inversión tiende a ser mayor y más volátil que la tasa de variación del ingreso. Para ello, se identifican las variables determinantes de la tasa de variación de la inversión de acuerdo a la teoría k...

  7. Variabilidad estacional de hospitalizaciones por varicela en el INSN, Lima-Perú

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edwin Miranda-Choque

    2013-04-01

    Full Text Available Objetivo: Determinar las variabilidad estacional de hospitalizaciones por varicela. Diseño: Serie de casos. Institución: Instituto Nacional de Salud del Niño (INSN del Perú. Participantes: Niños hospitalizados por varicela. Intervenciones: Se estudió las hospitalizaciones por varicela de niños atendidos en el INSN del Perú desde el año 2001 hasta el 2011, país sin implementación de la vacunación contra la varicela; se identificó a los pacientes de la oficina de estadística. Principales medidas de resultados: Variabilidad estacional de hospitalizaciones de los niños atendidos por varicela. Resultados: Se estudió a 1 566 niños hospitalizados por varicela, siendo la mediana de edad de 2 años 6 meses, 46,4% (727/1 466 de sexo femenino, mediana de estancia hospitalaria seis días (RIQ:9,4. El grupo etario más afectado fue de 0 a 2 años, correspondiendo al 55% (864/1 566. En la curva de frecuencias de hospitalizaciones por varicela por meses evidenciamos la distribución estacional, con una tendencia al incremento cada vez mayor por año. Las hospitalizaciones por varicelas con al menos alguna complicación correspondieron a 68,5%(1 073/1 566. El porcentaje de fallecidos fue 0,83% (13/1 493. Conclusiones: Las hospitalizaciones por varicela en el INSN es una causa importante de morbilidad, con una tendencia estacional, siendo más frecuente en los meses de noviembre a febrero, con el incremento cada vez mayor por año y supone una importante carga económica.

  8. Variabilidade espacial de atributos de um solo sob videira em Vitória Brasil (SP Spatial variability of soil characteristics under grapevine in Vitoria Brasil (State of Sao Paulo - Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M. P. Carvalho

    2003-08-01

    Full Text Available Foi pesquisada a variabilidade espacial de alguns atributos físicos e químicos de uma associação de solos cultivada sob videira (Vitis vinifera-L, do município de Vitória Brasil, estado de São Paulo, Brasil. O objetivo foi estudar a dependência espacial de tais atributos, assim como caracterizar as respectivas variabilidades, distribuições de freqüência e números mínimos de subamostras do solo para a cultura da videira. Para isso, coletaram-se dados do solo, dispostos segundo uma malha com 156 pontos amostrais, sendo analisados por meio da geoestatística. As maiores variabilidades foram verificadas para a macroporosidade (MA, P, K, Ca, Mg, SB e CTC, ao passo que as menores foram para a densidade do solo (DS, pH e V. O número mínimo de subamostras, necessário para formar uma amostra composta e representativa, variou de 1 (pH e V a 241 (Mg, tendo seu valor médio de 64 subamostras. Quanto à dependência espacial, o P e o V apresentaram, respectivamente, forte e fraca dependência, enquanto o restante dos atributos apresentou moderada dependência. Desta forma, o alcance dos atributos físicos variou de 2,56 a 4,32 m, enquanto o dos químicos variou de 1,82 a 5,64 m.The spatial variability of some physical and chemical characteristics of a compound of soils under grapevine (Vitis vinifera-L cultivation was studied in the county Vitória Brasil, State of Sao Paulo, Brazil. Main objective was research into the spatial dependence of these soil characteristics and their variability, frequency distribution and minimum number of soil subsamples for grapevine crop. Soil data were collected in grid sampling at 156 points, using geoestatistics for the data analysis. Highest variability was found for macroporosity (MA, P, K, Ca, Mg, SB, and CTC, and the smallest for bulk density (BD, pH, and V. The minimum number of soil subsamples to form a compound and representative sample varied between 1 (pH and V and 241 (Mg, with a mean of 64

  9. Spatial variability of physical attributes of an alfisol under different hillslope curvatures Variabilidade espacial de atributos físicos de um argissolo sob diferentes curvaturas do relevo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Livia Arantes Camargo

    2010-06-01

    Full Text Available The influence of relief forms has been studied by several authors and explains the variability in the soil attributes of a landscape. Soil physical attributes depend on relief forms, and their assessment is important in mechanized agricultural systems, such as of sugarcane. This study aimed to characterize the spatial variability in the physical soil attributes and their relationship to the hillslope curvatures in an Alfisol developed from sandstone and growing sugarcane. Grids of 100 x 100 m were delimited in a convex and a concave area. The grids had a regular spacing of 10 x 10 m, and the crossing points of this spacing determined a total of 121 georeferenced sampling points. Samples were collected to determine the physical attributes related to soil aggregates, porosity, bulk density, resistance to penetration and moisture within the 0-0.2 and 0.2-0.4 m depth. Statistical analyses, geostatistics and Student's t-tests were performed with the means of the areas. All attributes, except aggregates > 2 mm in the 0-0.2 m depth and macroporosity at both depths, showed significant differences between the hillslope curvatures. The convex area showed the highest values of the mean weighted diameter, mean geometric diameter, aggregates > 2 mm, 1-2 mm aggregates, total porosity and moisture and lower values of bulk density and resistance to penetration in both depth compared to the concave area. The number of soil attributes with greater spatial variability was higher in the concave area.A influência das formas do relevo tem sido estudada por diversos autores e explica a variabilidade dos atributos do solo na paisagem. Os atributos físicos do solo são dependentes das formas do relevo, e a avaliação desses atributos é importante em sistemas mecanizados como o da cultura de cana-de-açúcar. O presente estudo teve como objetivo caracterizar a variabilidade espacial dos atributos físicos de Argissolos desenvolvidos de arenito e cultivados com cana

  10. Spatial variability of soil chemical properties after coffee tree removal Variabilidade espacial dos atributos químicos do solo após remoção de cafezal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sidney Rosa Vieira

    2009-10-01

    Full Text Available Assessing the spatial variability of soil chemical properties has become an important aspect of soil management strategies with a view to higher crop yields with minimal environmental degradation. This study was carried out at the Centro Experimental of the Instituto Agronomico, in Campinas, São Paulo, Brazil. The aim was to characterize the spatial variability of chemical properties of a Rhodic Hapludox on a recently bulldozer-cleaned area after over 30 years of coffee cultivation. Soil samples were collected in a 20 x 20 m grid with 36 sampling points across a 1 ha area in the layers 0.0-0.2 and 0.2-0.4 m to measure the following chemical properties: pH, organic matter, K+, P, Ca2+, Mg2+, potential acidity, NH4-N, and NO3-N. Descriptive statistics were applied to assess the central tendency and dispersion moments. Geostatistical methods were applied to evaluate and to model the spatial variability of variables by calculating semivariograms and kriging interpolation. Spatial dependence patterns defined by spherical model adjusted semivariograms were made for all cited soil properties. Moderate to strong degrees of spatial dependence were found between 31 and 60 m. It was still possible to map soil spatial variability properties in the layers 0-20 cm and 20-40 cm after plant removal with bulldozers.A avaliação da variabilidade espacial dos atributos químicos do solo tem se tornado importante ferramenta na determinação de estratégias de manejo que visam aumentar a produtividade agrícola com menor degradação ambiental. O presente trabalho foi realizado no Centro Experimental Central do Instituto Agronômico, localizado em Campinas/SP, com o objetivo de caracterizar a variabilidade espacial dos atributos químicos de um Latossolo Vermelho após a remoção de um cafezal, cultivado por mais de 30 anos, com trator de esteira. As amostras de solo foram coletadas em grade georreferenciada de 20 x 20 m, totalizando 36 pontos nas camadas de 0

  11. Estudo da variabilidade espacial das chuvas em Belo Horizonte a partir da expansão da rede pluviométrica: uma análise qualitativa

    OpenAIRE

    Carlos Wagner Goncalves Andrade Coelho

    2006-01-01

    Em grandes cidades como Belo Horizonte, o cotidiano humano é influenciado diretamente por eventos extremos como as precipitações de chuva na estação chuvosa, que além de ser um dos controladores hídricos pode causar problemas como enchentes e deslizamentos de terra, principalmente nas "áreas de risco", onde se observam grandes tragédias. Estudos feitos para a capital mineira obtiveram bons resultados sobre o comportamento das chuvas, relacionando-as com a topografia e a outros fatores meteoro...

  12. Variabilidade espacial de atributos químicos de um argissolo para aplicação de insumos à taxa variável em diferentes formas de relevo Spatial variability of chemical attributes in an alfisol for variable rates of inputs in different forms of relief

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Diogo M. Barbieri

    2008-12-01

    Full Text Available A agricultura de precisão implica análise da variabilidade espacial de fatores de produção e a aplicação de insumos de forma localizada. Várias são as causas que condicionam a variabilidade espacial dos solos, sendo o relevo um dos fatores mais importantes. O presente estudo teve por objetivo analisar a variabilidade espacial dos atributos químicos do solo e a elaboração de mapas de necessidade de aplicação de insumos de forma localizada, em áreas com diferentes formas de relevo. Duas parcelas de 1 ha cada foram delimitadas em áreas com topografia côncava e convexa. Foram retiradas, em cada área, 242 amostras de solos em 121 pontos, nas profundidades de solo de 0,00-0,20 m e 0,20-0,40 m. Os resultados de análise química foram submetidos às análises da estatística descritiva, geoestatística e interpolação por krigagem. A área convexa apresentou maior variabilidade espacial do solo em relação a área côncava. A adoção da agricultura de precisão possibilitou economia de aproximadamente 25 kg ha-1 de P2O5 na área côncava.The precision agriculture implies an analysis of spatial variability of production factors and the inputs application of located form. There are several factors that cause spatial variability in soils; relief is one of the most important ones. The objective of this study was to analyze the spatial variability, the chemical attributes of the soil and the elaboration of maps necessity for input application of located form, in areas with different relief forms. Two parcels of one hectare each were delimited in areas with concave and convex shaped topography. A set of 242 samples were collected from each area at 121 points in depths of 0.00-0.20 m and 0.20-0.40 m. The data were submitted to the descriptive statistical analyses, geostatistics and interpolation for kriging. The convex area presented more spatial variability of the soil in relation the concave area. The adoption of precision agriculture

  13. Variabilidade espacial de atributos químicos e de produtividade na cultura do café Spatial variability of chemical attributes and productivity in the coffee cultivation

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fábio Moreira da Silva

    2007-04-01

    Full Text Available O conhecimento de determinados atributos do solo associado à resposta de produção do cafeeiro pode possibilitar a aplicação racional, localizada e individualizada dos insumos, com resultados econômicos ambientais garantidos. Portanto, o objetivo deste trabalho foi caracterizar a variabilidade espacial de atributos químicos do solo e da produtividade da cultura do cafeeiro em um Latossolo Vermelho-Amarelo distrófico. Amostras de solo foram coletadas na profundidade de 0-0,2m, nos pontos de cruzamento de uma malha com intervalos regulares de 25m, perfazendo um total de 68 pontos em uma área de 4,2ha. Os frutos de quatro plantas em torno dos pontos de cruzamento da malha foram coletados para o cálculo da produção média por planta. Todas as variáveis estudadas apresentaram estrutura de dependência espacial, o que permitiu o seu mapeamento com a utilização de técnicas geoestatísticas. Os atributos químicos apresentaram valores baixos de alcance, com exceção das variáveis fósforo e potássio, evidenciando a baixa continuidade espacial do solo sob cafeeiro. A grande amplitude de variação dos atributos químicos justifica a aplicação diferenciada e localizada de fertilizantes na lavoura cafeeira.The knowledge of determined attributes of the soil associated to the reply of productivity of the coffee can make the application rational, located and individualized of the farm input, with guaranteed ambient economic results possible. Therefore, this work was aimed at evaluating the spatial variability of soil chemical attributes and the productivity of coffee cropping in an Oxisol. Soil samples were collected in a depth of 0-0.2m, at the crossing points of a regular grid with 25m-intervals, comprising a total of 68 points in an area of 6.2ha. Fruits of four coffee plants around the soil sampling points were collected and the average production per plant was calculated. The variables presented a spatial dependence structure

  14. Variabilidad genética de poblaciones en cautiverio de Crocodylus moreletii (Crocodylia: Crocodylidae mediante el uso de marcadores microsatelitales

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ricardo Serna-Lagunes

    2012-03-01

    Full Text Available Crocodylus moreletii representa un emblema para los ecosistemas tropicales de México pero actualmente está amenazada por extinción. Sorprendentemente, hay una falta de información de su constitución genética, que debe ser evaluada para un manejo apropiado ex situ y para toma de decisiones en la liberación de cocodrilos a su hábitat natural. El objetivo del estudio fue caracterizar y comparar la variabilidad genética de cuatro grupos poblacionales de C. moreletii (dos silvestres y dos nacidas ex situ. Mediante PCR se amplificaron siete loci de microsatélites polimórficos, sin embargo se encontró déficit de heterocigotos en las poblaciones (promedio H O=0.02 mermado por la presencia de alelos nulos. El AMOVA indicó que la mayor proporción de variabilidad genética se encuentra dentro de las poblaciones y una limitada diferenciación genética entre poblaciones (promedio F ST =0.03, probablemente debida al alto índice de endogamia (promedio F IS=0.97. Al comparar la variabilidad genética inter e intra especies de cocodrilianos, encontramos que en C. moreletii está muy por debajo de los reportados. Se concluye que la limitada variabilidad genética de las poblaciones nacidas ex situ probablemente se debe al efecto fundador derivado de la estructura social de sus progenitores, y de las poblaciones silvestres, por el efecto cuello de botella, inferido por el limitado tamaño efectivo de población que presentó históricamente en su distribución natural.

  15. Variabilidad e idoneidad del tratamiento antiasmático en pediatría de atención primaria

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristina Suárez-Castañón

    2017-05-01

    Conclusiones: El uso de fármacos antiasmáticos es elevado en Asturias, lo cual puede relacionarse con la prevalencia local de asma. Se observa variabilidad en la prescripción entre áreas sanitarias y centros de salud. La adecuación de las prescripciones estaría dentro de las recomendaciones vigentes, salvo en el caso del uso de fármacos broncodilatadores por vía oral.

  16. Variabilidade espacial de classes de textura, salinidade e condutividade hidráulica de solos em planície aluvial Spatial variability of textural classes, salinity and hydraulic conductivity of soil in an alluvial plain

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Abelardo A. A. Montenegro

    2006-03-01

    Full Text Available Visando-se avaliar a distribuição de classes texturais e sua correlação espacial com a infiltrabilidade e salinidade de uma área aluvial, no Agreste de Pernambuco, utilizou-se a geoestatística indicadora segundo uma distribuição binária baseada na presença/ausência de solos francos. Considerando-se pontos de amostragem e de testes de infiltração dispostos ao longo do eixo principal do aluvião, e aleatoriamente distribuídos, analisou-se a variabilidade espacial das classes de solo predominantes, da velocidade de infiltração básica (condutividade hidráulica saturada e da condutividade elétrica do extrato de saturação da camada subsuperficial, cujos alcances dos semi-variogramas ajustados foram de 333, 320 e 520 m, respectivamente. Verificou-se que a geoestatística indicadora preservou a correlação espacial entre a textura e a condutividade hidráulica, e entre a textura e a condutividade elétrica. Deste modo, as classes de solo predominantes podem ser usadas para representar distintos padrões no tocante ao potencial de lixiviação e à susceptibilidade de salinização. A metodologia indicadora mostra-se promissora para estudo da variabilidade espacial de propriedades físicas de solos aluviais onde predominam classes contrastantes.Aiming to evaluate the soil textural classes distribution and the spatial correlation between the soil textural classes and both infiltration rate and salinity in an alluvial area, in Pernambuco State "agreste" region, indicator geostatistics has been applied, adopting a binary distribution based on the presence/absence of loam soils. Considering sampling points and test locations along the main longitudinal transect in the valley, as well as randomly distributed locations, the spatial variability of the main soil classes, the infiltration rate, and the electrical conductivity of the saturated extract have been analyzed, for the subsurface soil layer. The fitted semivariogram ranges were 333

  17. Relação dos sistemas de monção com as variabilidades tropical interanual e multi-decenal Relations of the monsoon systems to the tropical multi-decadal and interannual variabilities

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sâmia Regina Garcia

    2009-03-01

    Full Text Available A variabilidade da circulação tropical, com ênfase nos sistemas monçônicos, é examinada usando diversas variáveis para o período de 1948-1999. A componente monçônica do potencial de velocidade em 200 hPa (χ-transiente, o desvio da média anual do desvio da média zonal, é o parâmetro chave usado para obter os modos monçônicos. A análise de Funções Ortogonais Empíricas (EOF do χ-transiente fornece dois modos separados. O primeiro modo descreve a variabilidade multi-decenal dos sistemas monçônicos da América do Sul e do Pacífico oeste. Esse modo, chamado monçônico multi-decenal (MMD, ocorre por todo o ano e contém a variabilidade multi-decenal relacionada à dinâmica da Oscilação Decenal do Pacífico (ODP. O segundo modo descreve as variações interanuais opostas entre a Ásia, África e oceano Índico e a região do oeste dos Estados Unidos, México e Pacífico leste. Esse modo, chamado modo interanual (MIA apresenta algumas similaridades com o modo tropical interanual El Niño - Oscilação Sul. Alguns aspectos desses modos, incluindo sua circulação e características termodinâmicas são discutidas aqui. Finalmente, índices baseados nos padrões das configurações espaciais desses modos são construídos. A eficiência desses índices para fins de monitoramento é analisada. Logo, trata-se de um novo aspecto não proposto em trabalhos anteriores.Tropical circulation variability, with emphasis on the monsoon systems is examined using several variables for the 1948-1999 period. The monsoon component in the 200 hPa velocity potential (transient-χ, the deviation from the annual mean of the zonal deviation field, is the key parameter used here to obtain the monsoon modes. The Empirical Orthogonal Function (EOF analysis of the transient-χ yields two separate modes. The first mode describes the multi-decadal variability of the monsoon systems in South America and in the western Pacific. This mode, called the multi

  18. A variabilidade química da plagioclase no plutonito de Reguengos de Monsaraz (OMZ): testemunhos de mistura de magmas

    OpenAIRE

    Antunes, A.; Santos, J. F.; Azevedo, M. R.

    2010-01-01

    Os dados de química mineral obtidos em plagioclases dos diferentes tipos litológicos presentes no plutonito de Reguengos de Monsaraz (gabro-dioritos, tonalitos e granodioritos) mostram que os cristais de maiores dimensões são caracterizados por uma grande diversidade de padrões de zonamento (normal, oscilatório e complexo) e um espectro composicional variando de bytownite a andesina (An83 a An40), o que parece reflectir os efeitos de processos de mistura de magmas. Em contrapartida, a variabi...

  19. ESTRATÉGIAS DE REDUÇÃO DA VARIABILIDADE DE PROCESSOS NA INDÚSTRIA CALÇADISTA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Taise Gross

    2017-04-01

    Full Text Available This article presents a case study of a Brazilian company, operating in the footwear sector, located in Parobé city, in the Valley of Paranhana, in the state of Rio Grande do Sul. The process analyzed showed high failure rates of manufactured batches and by quality analysis tools, the Statistical Process Control tools were applied to analyze the variability. The tools applied were the control charts, process capacity and capability analysis, histogram, Pareto chart and cause and effect analysis. The main results of the study were the reduction of the rejection indices of the process to zero and improvement in the capacity index from 0,424 to 1,52, demonstrating the reduction of the sources of variation of the production process and reaching the objectives The research. This research can be used by academics and professionals to improve the competitive performance of footwear companies.

  20. Variabilidad espacial y temporal de la temperatura del aire en la zona cafetera colombiana

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edna Paola Pérez Rendón

    2016-03-01

    Full Text Available La zona cafetera colombiana está ubicada enteramente en el hemisferio norte, entre los 1 y 11° grados de latitud, sobre la cordillera de los Andes. Esta condición (ecuatorial andina ha hecho que se dé por sentado que la variación temporal de la temperatura es mínima y que por ello, en su mayor parte la variabilidad de este elemento es espacial, atribuible casi exclusivamente a los cambios en altura sobre el nivel del mar. En este estudio se exploran factores de variación alternas, que muestran cómo, además de la altitud, otros factores, como la latitud, la zona de convergencia intertropical, El Niño Oscilación del Sur y el Cambio Climático, inciden sobre esta variable climática, que a su vez ejerce un papel fundamental sobre las plantaciones de cafeto.

  1. Estimation of stops' spectral place cues using multitaper techniques Estimação das características espectrais relacionadas com o ponto de articulação de oclusivas utilizando a técnica multitaper

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marisa Lobo Lousada

    2012-01-01

    Full Text Available This study focuses on the spectral characteristics of the European Portuguese stops /p, b, t, d, k, g/ produced by six native speakers. We analysed the spectral peaks and troughs by means of multitaper spectra and performed a parameterisation of the stop spectra using slope and moment measures. In comparison to traditional spectral estimations, multitaper is more exact and, more importantly, not limited to a stationary signal length necessary for the analysis window. Therefore, it is well-suited for the rather short duration of the burst of a stop. Results show that the burst characteristics vary with place of articulation. While the global spectral frequencies match the data in classical literature, it is shown that other spectral measures in our data do not follow the typical classical spectral patterns. It is discussed whether these differences are due to the use of different methodology, or substantial cross-linguistic differences in the spectral characteristics.Este estudo analisa as caraterísticas espetrais das oclusivas /p, b, t, d, k, g/ do Português Europeu produzidas por seis informantes nativos. Procedeu-se à análise dos picos e dos vales espetrais (espetros multitaper e à parametrização das caraterísticas espetrais através da análise dos declives dos espetros e do cálculo dos momentos de distribuição. Comparativamente às análises espetrais tradicionais, a análise multitaper permite um maior controlo da variância associada a este tipo de sinais fazendo uso de apenas uma curta janela, o que se adequa às caraterísticas do burst das oclusivas. Os resultados mostram que as caraterísticas do burst variam de acordo com o ponto de articulação. As frequências espetrais obtidas correspondem aos resultados publicados na literatura clássica. No entanto, verifica-se que outras medidas espetrais, no presente estudo, não estão de acordo com os padrões espetrais clássicos. É discutido se estas diferenças se devem ao uso

  2. Variabilidade genética de acessos de maracujá-suspiro com base em marcadores moleculares Genetic variability of wild passion fruit determined by molecular markers

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Keize Pereira Junqueira

    2007-01-01

    Full Text Available Passiflora nitida é uma espécie silvestre amplamente distribuída pelo território brasileiro, constituindo-se em fonte de resistência a doenças foliares e de raízes. O objetivo deste trabalho foi avaliar a variabilidade genética entre acessos de P. nitida procedentes de diferentes tipos fitofisionômicos de Cerrado e estados brasileiros (Goiás, Distrito Federal, Tocantins, Mato Grosso e Amazonas, usando marcadores moleculares RAPD. O DNA genômico de cada acesso foi extraído, e doze iniciadores decâmeros foram utilizados para a obtenção de marcadores moleculares RAPD, que foram convertidos em matriz de dados binários, a partir da qual foram estimadas as distâncias genéticas entre os acessos e realizadas análises de agrupamento e de dispersão gráfica. Foram obtidos 196 marcadores para P. nitida, dos quais 63,81% foram polimórficos. As distâncias genéticas entre os acessos de maracujá variaram de 0,031 a 0,614 e, considerando apenas P. nitida, de 0,031 a 0,417. Os marcadores moleculares demonstraram alta variabilidade genética dos acessos de P. nitida. Menores distâncias genéticas foram verificadas entre os acessos originados do mesmo estado. Considerando-se os acessos de um mesmo estado, menores distâncias genéticas foram verificadas entre os acessos provenientes de tipos fitofisionômicos próximos. O acesso "Manaus 2" apresentou o maior distanciamento genético em relação aos demais acessos.Passiflora nitida is a wild species widely distributed in Brazilian territory. It is a source of resistance to foliar and soil borne diseases. The objective of this work was to evaluate the genetic variability among accessions of P. nitida proceeding from different types of Cerrado (Brazilian savannah vegetation and brazilian states (Goiás, Distrito Federal, Tocantins, Mato Grosso and Amazonas using RAPD molecular markers. The genomic DNA of each origin was extracted and amplified using 12 decamer primers to obtain RAPD

  3. Variabilidade fenotípica em genótipos de acerola Phenotypic variability in West Indian cherry genotypes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    JOSÉ EVERALDO GOMES

    2000-11-01

    Full Text Available As medidas de variabilidade fenotípica, correlações, efeitos diretos e indiretos na aceroleira (Malpighia emarginata DC. da região de Itápolis, SP, objetivaram direcionar o processo seletivo de genótipos. Os parâmetros comprimento e largura média de folhas, altura de planta, diâmetro de copa, peso médio de fruto, peso médio de polpa/fruto, peso médio de 20 frutos e peso médio de polpa por 20 frutos mostraram diferenças quanto a genótipos e épocas. Em acidez, tamanho e largura média de fruto, as diferenças são exclusivas em relação a épocas, sugerindo ações de condições climáticas. A altura é um bom parâmetro tipificador na diferenciação e seleção de genótipos. As condições meteorológicas podem influenciar marcadamente em caracteres tecnológicos (acidez e em medidas dos frutos. Destacaram-se as associações positivas entre comprimento de folhas com tamanho e peso de frutos e as correlações negativas destes com vitamina C; seguida de correlações positivas e significativas de tamanho com largura de frutos. Dos efeitos diretos sobre vitamina C, relacionam-se os efeitos de Brix e diâmetro de copa como positivos. Contudo, nas condições estudadas, as medidas das folhas estão associadas positivamente com tamanho e peso dos frutos e negativamente com vitamina C. Além disso, observa-se que as medidas dos frutos associam-se positivamente com os caracteres de peso e rendimento, que estão negativamente associados com vitamina C. A seleção sobreBrix pode direcionar ganhos em polpa e em vitamina C.The measures in the phenotypic variability, correlation, direct and indirect effects in the West Indian cherry (Malpighia emarginata DC., from Itápolis, São Paulo State, Brazil, aimed to subsidize the management of the selective process in the genotypes. The parameters length and width of leaves, height of plant, diameter of canopy, weight medium of fruit, weight of pulp/fruit, weight medium of 20 fruits and weight

  4. Propriedades de solos sob vegetação nativa em Minas Gerais: distribuição por fitofisionomia, hidrografia e variabilidade espacial

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alba Lucia Araujo Skorupa

    2012-02-01

    Full Text Available A distribuição das formações vegetais nativas depende dos fatores de formação do solo, entre outros aspectos. Dessa forma, solos sob vegetação nativa podem informar muito sobre uma região e sua fertilidade natural, constituindo um testemunho das condições encontradas antes da ocupação agrossilvopastoril. O objetivo deste estudo foi avaliar propriedades químicas e textura dos solos sob fragmentos de Cerrado e florestas nativas amostrados durante o Inventário Florestal de Minas Gerais, por meio de análises de fertilidade do solo, textura e estatística espacial. Em geral, houve grande variabilidade em todas as propriedades analisadas, exceto em Al trocável. Os solos sob Campo Cerrado apresentaram maiores teores de matéria orgânica, comparados aos sob Cerradão e Cerrado stricto sensu. As Florestas Estacionais ocorreram, em geral, em solos de melhor fertilidade natural do que aqueles sob Cerrado, enquanto as florestas sob clima chuvoso ocorreram nos solos mais ácidos e com maiores teores de matéria orgânica, entre todas as fitofisionomias. Análises de regressão linear indicaram que a importância da matéria orgânica na CTC a pH 7,0 variou entre as diferentes fitofisionomias, sendo não significativa para as Florestas Deciduais. A estratificação por bacias hidrográficas, interpretada em conjunto com a fitofisionomia, permitiu também concluir sobre um provável efeito dos materiais de origem nas propriedades do solo, especialmente a textura. Por meio de análise geoestatística, foi possível construir, por krigagem ordinária, mapas do Estado com a distribuição de teores de carbono orgânico do solo, argila e pH, mas não para CTC a pH 7,0. A análise de solos sob fragmentos de vegetação nativa oferece potencial para uso como referência do padrão de fertilidade natural dos solos e é uma iniciativa que poderia ser empreendida em outras unidades da federação.

  5. Variabilidade espacial de atributos físicos de um argissolo vermelho-amarelo cultivado com leguminosas consorciada com a seringueira

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sidney Rosa Vieira

    2010-01-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar a distribuição espacial de alguns atributos físicos do solo e verificar suas alterações no desenvolvimento da seringueira consorciada com leguminosas. O experimento foi instalado em Argissolo Vermelho-Amarelo no Polo Regional de Desenvolvimento Tecnológico dos Agronegócios do Centro-Norte, localizado em Pindorama (SP. Foram avaliadas: infiltração de água a 0,10 e a 0,20 m de profundidade, macro e micro porosidade e densidade do solo nas camadas 0-0,10; 0,10-0,20; 0,20-0,40 e 0,40-0,60 m. O desenvolvimento das plantas de seringueira foi avaliado medindo-se o perímetro do caule e o aumento desta medida no período de quatro anos (1996-1999. Os dados foram submetidos à análise de estatística descritiva para verificação de parâmetros de tendência central e dispersão. Foram utilizados métodos geoestatísticos incluindo semivariogramas, krigagem e mapas de isolinhas para a avaliação da variabilidade espacial. Houve dependência espacial de moderada a forte para todos os atributos do solo, com o valor do alcance variando entre 15 e 90 m. A dependência espacial anotada para infiltração de água no solo não teve relação com as avaliações efetuadas nas plantas nem com os outros atributos avaliados. Os altos valores de densidade do solo e de microporosidade na camada de 0,20-0,40 m indicaram a ocorrência de compactação nesta camada. O perímetro do caule de seringueira aumentou linearmente com o tempo, porém a taxa de crescimento do perímetro do caule decresceu ao longo dos anos. A taxa média de crescimento do perímetro do caule variou em função do crescimento menor no inverno quando comparado com o do verão. Na distribuição espacial do espessamento do caule das árvores de seringueira ao longo do tempo houve alta continuidade, avaliada pelos baixos valores do efeito pepita dos semivariogramas e estreita correlação com densidade do solo, onde locais menos densos tiveram os

  6. Joubert syndrome: large clinical variability and a unique neuroimaging aspect Síndrome de Joubert: grande variabilidade clínica e uma neuroimagem característica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Emília Katiane Embiruçu Leão

    2010-04-01

    Full Text Available Joubert syndrome (JS is an autosomal recessive inherited disorder characterized by hypotonia, cerebellar vermis hypoplasia, ocular abnormalities (e.g, pigmentary retinopathy, oculomotor apraxia and nystagmus, renal cysts and hepatic fibrosis. Respiratory abnormalities, as apnea and hyperpnea, may be present, as well as mental retardation. At least seven JS loci have been determined and five genes identified. Herein, we report five children, belonging to independent families, with JS: they shared the same typical MRI abnormality, known as molar tooth sign, but had an otherwise quite variable phenotype, regarding mostly their cognitive performance, visual abilities and extra-neurological compromise.A síndrome de Joubert (SJ é uma doença hereditária, autossômica recessiva, caracterizada por hipotonia, hipoplasia do vermis cerebelar, anormalidades oculares (p.ex., retinite pigmentar, apraxia oculomotora e nistagmo, cistos renais e fibrose hepática. Anormalidades respiratórias tais como apnéia e hiperpnéia podem estar presentes, assim como deficiência mental. Pelo menos sete loci e cinco genes diferentes associados à SJ já foram identificados. Este artigo relata cinco crianças com SJ, pertencentes a diferentes famílias. Todos os pacientes compartilham a mesma anormalidade típica da RM, conhecida como sinal do dente molar, e apresentam ampla variabilidade clínica em relação ao desempenho cognitivo, comprometimento visual e alterações extra-neurológicas.

  7. Paradigmas para o Ensino da Composição Musical nos séculos XX e XXI

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Liduino Pitombeira

    2011-05-01

    Full Text Available Neste artigo, são examinados seis textos do século XX, paradigmáticos para o ensino da composição: [1] Learning to Compose, de Larry Austin e Thomas Clark, [2] Materials and Techniques of Twentieth-Century Music, de Stefan Kostka, [3] Techniques of Twentieth-Century Composition, de Leon Dallin, [4] Creative Music Composition, de Margaret Lucy Wilkins, [5] Techniques of the Contemporary Composer, de David Cope e [6] Simple Composition, de Charles Wuorinen. Busca-se, através desse exame, sintetizar os conceitos centrais e os enfoques pedagógicos, bem como revelar conexões com a teoria e a história. Propõe-se, então, uma discussão sobre as possíveis perspectivas no ensino da composição, face ao estabelecimento cada vez maior de abordagens texturais, espectrais, ultracomplexas e sistêmicas no campo da composição musical.

  8. Variabilidade espacial de MO, P, K e CTC do solo sob diferentes usos e manejos Spatial variability of MO, P, K and CTC of soil under different use and management conditions

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eloiza Gomes Silva Cavalcante

    2007-04-01

    Full Text Available O estudo da variabilidade espacial dos atributos químicos dos solos é particularmente importante em áreas onde o solo está submetido a diferentes manejos. O trabalho foi desenvolvido em Selvíria (MS, com o objetivo de avaliar a variabilidade espacial da matéria orgânica (MO, o fósforo (P, do potássio (K e a capacidade de troca catiônica (CTC em um Latossolo Vermelho distrófico sob diferentes usos e manejos. Os solos foram amostrados em uma malha, com intervalos regulares de 2m, perfazendo um total de 64 pontos, nas profundidades de 0,0-0,1m e 0,1-0,2m, nas seguintes áreas: vegetação natural (cerrado, plantio direto, plantio convencional e pastagem. O sistema de plantio direto apresentou acúmulo significativo de matéria orgânica, fósforo, potássio e elevação da CTC em relação aos demais sistemas estudados, além da melhoria nas condições químicas do solo. A matéria orgânica foi maior em relação ao sistema natural. As maiores variabilidades medidas por meio do coeficiente de variação foram observadas para o fósforo e o potássio, sendo que a matéria orgânica e a CTC apresentaram coeficiente de variação médio nos diferentes usos e manejos do solo.The study of the spatial variability of the chemical attributes of the soils is particularly important in areas where the soil is submitted to different management. This work was developed in Selvíria (MS with the objective of evaluating the spatial variability of the organic matter (MO, phosphorus (P, potassium (K and cation exchange capacity (CEC in a oxisol under different use and management conditions. The soils were collected in a grid, with regular intervals of 2m, total of 64 points, in the depths of 0,0-0,1m and 0,1-0,2m, in the use and management were: native vegetation (savannah, no-tillage, conventional system and pasture. The system of no-tillage presented significant accumulation of organic matter, phosphorus, potassium and elevation of CEC in relation to

  9. Estimation of the regional distribution of congenital toxoplasmosis in Brazil from the results of neonatal screening = Estimativa da distribuição regional da toxoplasmose congênita no Brasil a partir dos resultados de triagem neonatal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Camargo Neto, Eurico

    2010-01-01

    Conclusões: a triagem neonatal em larga escala é uma ferramenta importante para a determinação da prevalência da toxoplasmose congênita. A alta prevalência dessa infecção no Brasil e a ampla variabilidade de sua epidemiologia entre os estados confirmam a necessidade de políticas de saúde e educação voltadas à prevenção e ao controle da toxoplasmose congênita em todo o país, respeitando as peculiaridades de cada estado

  10. Variabilidade espacial de atributos químicos do solo sob cafeeiro Conilon: relação com textura, matéria orgânica e relevo Spatial variability of soil chemical attributes in Conilon coffee plantation: relationships with soil texture, organic matter and relief

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Diego Lang Burak

    2012-01-01

    Full Text Available Atributos químicos do solo têm relação com outros atributos, inclusive os geomorfológicos, constituindo fatores que controlam sua variabilidade espacial. Dentro desta premissa, delineou-se o objetivo deste trabalho: avaliar a variabilidade dos atributos químicos do solo e sua inter-relação com as frações granulométricas e componentes da matéria orgânica do solo, contextualizando a influência do relevo, utilizando-se a geoestatística e a análise de componentes principais (ACP. A variabilidade espacial dos atributos químicos em menor profundidade foi mais influenciada pelo relevo. Pela ACP, atributos relacionados com a reação do solo (pH, Ca, Mg, Al, m e V contribuíram com o primeiro componente principal (CP1 nas duas profundidades. Contudo, somente o CP1 na profundidade de 0,0 - 0,1 m foi correlacionado com o relevo: maiores altitudes e menores declividades favoreceram o maior teor da fração argila e menor teor de areia grossa, aumentando a retenção de cátions básicos no solo. Substâncias húmicas da matéria orgânica tiveram fraca influência na variabilidade dos atributos químicos, ressalvando a maior relação entre Ca e Mg com ácidos húmicos em locais de textura mais arenosa. Zonas homogêneas e correlatas com atributos geomorfológicos nas duas profundidades foram melhores obtidas para os teores de K, em comparação aos demais atributos. Dessa forma, o uso da análise espacial para segmentação da paisagem em regiões homogêneas visando otimizar o manejo da adubação depende não somente da topografia, mas também dos atributos químicos e da profundidade de amostragem.Chemical properties are related to other soil attributes, including geomorphology, and constitute one of the factors that control spatial variability. The objective of this work was to evaluate the variability of soil chemistry and how it is interrelated with granulometric size fractions and organic soil components. Geostatistics and

  11. DETERMINAÇÃO DA TEMPERATURA DA SUPERFÍCIE NA ÁREA DO PROJETO DE ASSENTAMENTO DIRIGIDO EM SANTA LUZIA, CRUZEIRO DO SUL, AC, BRASIL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ian Willian Rodrigues da Silva, Rafael Coll Delgado, Leonardo Paula de Souza, Givanildo de Gois, José Francisco de Oliveira Júnior, Rafael de Ávila Rodrigues

    2014-08-01

    Full Text Available Este trabalho avaliou o comportamento da floresta e demais classes espectrais do Projeto de Assentamento Dirigido Santa Luzia, utilizando os recursos do Geoprocessamento e Sensoriamento Remoto. O período avaliado estende-se entre o ano de 2005 a 2010, e procurou avaliar o comportamento da evolução espacial de áreas como a floresta, pastagens e áreas utilizadas para agricultura, assim como demais benfeitorias realizadas no perímetro do assentamento. Neste sentido, os objetivos gerais deste trabalho foram: caracterizar a contração ou a expansão de classes de floresta, pastagens, regeneração da floresta e áreas alagadas, no PAD Santa Luzia, AC. Os resultados encontrados mostraram um significativo aumento do índice de regeneração da floresta e conversão de áreas de pastagens e cultivos em capoeira, considerando que esta tipologia florestal é essencial para o processo de transição de áreas desflorestadas em sua reestruturação à condição de floresta novamente. São ainda apresentados dados que demonstraram a elevação dos valores referentes a corpos d’água, embora as imagens tenham sido adquiridas em períodos de estiagem (período seco amazônico na região. Os dados obtidos pelo algoritmo de Mahalanobis, evidenciaram um significativo aumento destes recursos na superfície estudada. Os dados apresentaram o comportamento de leve decréscimo para a floresta durante o período avaliado.

  12. Variabilidade genética de búfalos em rebanho-núcleo com base na análise de pedigree Genetic variability in water buffalo from nucleous herd by pedigree analysis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    C.R. Marcondes

    2010-06-01

    Full Text Available Parâmetros baseados na probabilidade de origem do gene foram usados para descrever a variabilidade em uma população de búfalos da Embrapa Amazônia Oriental. A magnitude dos resultados foi de média a baixa (por volta de 20 animais, sugerindo que poucos fundadores contribuiriam para a formação da população. Dentre os 20 ancestrais que mais aportam genes aos machos - representando ao todo 71% dos alelos -, 39%, 26% e 5%, respectivamente, são as contribuições marginais das raças Murrah e Mediterrâneo e seus mestiços. Para as fêmeas, em que os 20 ancestrais aportam 67,5% dos genes, 42% e 26%, respectivamente, são as contribuições marginais das raças Murrah e Mediterrâneo.Parameters based on the probability of gene origin were used to describe genetic variability in a buffalo population from the Embrapa Amazônia Oriental, Belém, Pará, Brazil. The parameters generated medium to low values (around 20 animals and suggested low founder representativeness. From the 20 ancestors that gave more genes to males (with 71% of alleles, genetic contributions were 39%, 26%, and 5%, respectively, for Murrah, Mediterraneo, and crossbreds. For females, these values were 42% and 26% for Murrah and Mediterraneo breeds.

  13. Metodología para el pronóstico de la demanda en ambientes multiproducto y de alta variabilidad

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Germán Andrés Méndez Giraldü

    2014-04-01

    Full Text Available Este artículo presenta una metodología para la gestión de la demanda en ambientes multiproducto para diferentes eslabones de la cadena de suministro y con alta variabilidad en la demanda. La metodología propuesta consiste en dos fases: la primera busca una clasificación de los productos de acuerdo con dos criterios, uno de movimiento para representar la rotación de inventarios, y el segundo de importancia respecto a las variables costo, volumen y peso; el resultado de esta fase es un conjunto de categorías para clasificar los productos e identificar aquellos más importantes y aquellos que se deben descontinuar. La segunda fase consiste en realizar un pronóstico agregado de acuerdo con la variabilidad que se presenta en cada una de las categorías identificadas, se emplea el coeficiente de variación como medida de variabilidad y suavización exponencial doble y promedios móviles dobles como técnica de pronóstico, aunque la metodología es flexible y se pueden emplear otros métodos de series de tiempo. La metodología se implementó en una empresa líder en Colombia de productos polivinilos logrando una mejora del 10 % en la desviación absoluta promedio, aproximadamente. Por otro lado, se logró una reducción significativa en el inventario promedio de todo el sistema. Finalmente, este trabajo es una fase inicial para una clasificación dinámica de los productos para gestionar de forma integral los inventarios en una cadena de múltiples eslabones.

  14. Avaliação laboratorial da estabilidade do padrão calibrador de bilirrubina

    OpenAIRE

    Leite Maria das Graças da Cunha; Facchini Fernando Perazzini; Faria Eliana Cotta de; Danelon Mirian Regina Gardin

    2003-01-01

    Introdução: O preparo do padrão calibrador de bilirrubina é essencial para um controle adequado das dosagens laboratoriais da bilirrubinemia, visto que estas estão sujeitas a grande variabilidade nos resultados, dependendo do método de dosagem escolhido e da falta de padronização rigorosa na sua execução. Uma vez preparado, este padrão calibrador deve ser dividido em alíquotas e estocado para ser utilizado de rotina. Objetivo: Avaliar os efeitos de diferentes condições de armazenamento de um ...

  15. Tendências na variabilidade climática sazonal e anual das temperaturas máxima e mínima do ar no Estado do Paraná

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosandro Boligon Minuzzi

    2011-01-01

    Full Text Available O presente trabalho teve por objetivo analisar a variabilidade sazonal e anual das temperaturas máxima e mínima do ar no Estado do Paraná. A Análise de Regressão e o teste de Kendall foram utilizados para testar a tendência das médias de temperatura máxima e mínima, do número de dias com registros de temperatura inferior a 3 °C, dos eventos extremos e valores absolutos diários da temperatura máxima e mínima nas escalas sazonal (verão, outono, inverno e primavera e anual. Os pontos de descontinuidade obtidos pelo Teste de Homogeneidade Normal Padrão mostram resultados mais expressivos para a temperatura máxima anual e no outono. Para esta variável meteorológica os pontos foram obtidos predominantemente no início da década de 2000. Na temperatura máxima anual e, principalmente na temperatura mínima, em todas as escalas de tempo, houve tendência de aumento. Esse aumento relativamente maior da temperatura mínima sugere uma diminuição na amplitude térmica no Paraná. Os valores dos extremos diários da temperatura mínima estão sendo maiores, porém, menos freqüentes. Por outro lado, as temperaturas máximas têm sido mais intensas e freqüentes, especialmente na primavera.

  16. Variabilidade genética de populações naturais de caroá por meio de marcadores RAPD Genetic variability estimated among caroá populations through RAPD markers

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniela Garcia Silveira

    2009-03-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi quantificar a variabilidade genética entre e dentro de populações de caroá (Neoglaziovia variegata, por meio de marcadores "random amplified polymorphic DNA" (RAPD. Foram analisados 180 genótipos de caroá, provenientes dos municípios de Guanambi, Juazeiro e Valente, no Estado da Bahia. Foi observado elevado polimorfismo entre as populações de caroá. As dissimilaridades genéticas entre os genótipos variaram de 0,08 a 0,95, com média de 0,44.Avariância molecular mostrou que 56% da variação total foi explicada pelas diferenças entre indivíduos dentro de locais. As diferenças entre municípios explicaram 17% da variação total, enquanto as diferenças entre locais dentro dos municípios explicaram 26% da variação.The objective of this work was to quantify the genetic variability within and among populations of caroá (Neoglaziovia variegata using random amplified polymorphic DNA(RAPD markers. One hundred eighty caroá genotypes from Guanambi, Juazeiro and Valente counties in the state of Bahia, Brazil, were analyzed. A high polymorphism was observed among the caroá populations. The genetic dissimilarities among all genotypes ranged from 0.08 to 0.95 with an average of 0.44. The molecular variance showed that 56% of the total variation was explained by the differences among individuals with in locations.The differences among counties explained 17% of the total variation, while the differences among places within counties explained 26% of the variation.

  17. VARIABILIDADE ESPACIAL DE ARGILA, SILTE E ATRIBUTOS QUÍMICOS EM UMA PARCELA EXPERIMENTAL DE UM LATOSSOLO ROXO DE CAMPINAS (SP

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    SIDNEY ROSA VIEIRA

    1997-01-01

    Full Text Available A grande maioria dos ensaios de manejo e fertilidade do solo utiliza o método de delineamentos experimentais, segundo o qual as observações devem ser independentes umas das outras e as parcelas experimentais, uniformes quanto aos atributos estudados. A hipótese de independência entre as amostras apenas pode ser satisfeita e verificada na prática, se a amostragem contiver informações geográficas, como, por exemplo, as coordenadas com referências a um eixo arbitrário para possibilitar análises da geoestatística. O objetivo deste trabalho foi estudar a variabilidade espacial de alguns atributos químicos e granulométricos do solo dentro de uma parcela experimental e mostrar o uso da geoestatística para analisar os dados. O campo estudado localiza-se no Centro Experimental de Campinas do Instituto Agronômico, Campinas (SP, em um latossolo roxo distrófico sob preparo convencional nos últimos dez anos. Marcou-se uma parcela de 30 m por 30 m a cada 5 m em duas direções, resultando em um reticulado quadrado de 49 pontos de amostragem. Em cada ponto, coletaram-se amostras de solo das camadas 0-25 cm e 25-50 cm de profundidade, as quais foram levadas ao laboratório, secas ao ar, peneiradas em uma malha de 2 mm e submetidas às análises granulométricas e químicas de rotina para obter teor de argila, teor de silte, delta pH, soma de bases (S, capacidade de troca catiônica (CTC e saturação por bases (V%. Para a análise de variabilidade espacial, utilizou-se a geoestatística. Os coeficientes de variação encontrados são mais altos na camada 0-25 cm do que na 25-50 cm, provavelmente devido à região de maior alteração com cultivo. Foi encontrada dependência espacial para todos os atributos analisados para a camada 0-25 cm, e dependência fraca para a camada 25-50 cm. Considerando que o campo engloba apenas uma área de 30 m por 30 m, conclui-se que a variabilidade encontrada para os atributos químicos do solo foi grande e

  18. Variabilidad de la frecuencia cardiaca : aplicaciones para el diagnóstico clínico y el rendimiento deportivo

    OpenAIRE

    Sarabia Cachadiña, Elena

    2012-01-01

    Programa de Doctorado en Actividad Física, Rendimiento Deportivo y Salud En esta Tesis Doctoral se ha analizado de forma exhaustiva la aplicabilidad del análisis de la Variabilidad de la Frecuencia Cardíaca (VFC) tanto en el campo del diagnóstico clínico, como en el campo del rendimiento deportivo. De este modo, la tesis está compuesta por cuatro estudios, de los cuales dos se centran en el diagnóstico clínico y dos en el rendimiento deportivo. Concretamente, las poblaciones comprendidas e...

  19. Variabilidad espacio-temporal de clorofila, producción primaria y nutrientes frente a la costa peruana

    OpenAIRE

    Calienes, Ruth; Guillén, Oscar; Lostaunau, Nelson

    1985-01-01

    La serie de datos sobre clorófila, producción primaria y nutrientes de la costa pe­ ruana (4º -18º S) reunidos por el IMARPE a través de varios años ha permitido establecer los patrones promedio de su distribución en la superficial del mar. El principal objetivo del presente estudio fue la variabilidad a toda escala incluyendo "El Niño". Las fluctuaciones a corto plazo fueron evidentes dentro del periodo 1964-1978 pero no lograron alterar una distribución característica para todo el periodo. ...

  20. Genetic variability in natural populations of Zeyheria montana mart. from the Brazilian Cerrado Variabilidade genética entre e dentro de populações naturais de Zeyheria montana mart. do Cerrado brasileiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bianca Waléria Bertoni

    2007-08-01

    Full Text Available Zeyheria montana, an endemic species of the Bignoniaceae family from the Brazilian Cerrado's known for its anti-cancer properties, is widely used as imuno stimulant in the popular medicine and its therapeutic activity must be validated by scientific data. The objective of this work was to evaluate the genetic variability of eight plant populations collected within the state of São Paulo, Brazil, via Random Amplification of Polymorphic DNA (RAPD used as molecular markers. After an optimized protocol for the amplification reaction, nine selected primers generated 105 reproducible bands, indicating up to 60% polymorphism. Analysis of molecular variance (AMOVA revealed higher genetic variation within populations (84.03% than among populations (15.97%. The variation values estimated by phiST (0.160 indicated moderate to high inter population structuration. Levels of similarity inter plants with genetic and geographical distances, estimated by the unweighted pair-group method analysis (UPGMA clustering and non-metric multidimensional scaling (NMDS ordination methods and by the Mantel test (-0.2345 p = 0.118 denoted that the structure found follows the island model, which assumes that a single population of infinite size may have initiated the existing populations of Zeyheria montana, with no spatial position correlation. Based on the obtained data, a germplasm bank from individuals representing the species variability was established. Furthermore the information here reported can be of importance to develop strategies for the conservation of Z. montana.Zeyheria montana, planta arbustiva da família Bignoniaceae, é uma espécie endêmica do Cerrado e possui atividade anti-câncer, sendo utilizada como estimulante na medicina popular. O objetivo deste estudo foi avaliar a variabilidade genética de oito populações localizadas no estado de São Paulo, utilizando marcadores moleculares de Polimorfismo de DNA Amplificado ao Acaso (RAPD. Após a otimiza

  1. Variabilidade genética e sensibilidade de acessos de Pistia stratiotes ao herbicida glyphosate Genetic variability and sensitivity of Pistia stratiotes accesses to glyphosate

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    E.A.S. Cícero

    2007-09-01

    Full Text Available A alface-d'água (Pistia stratiotes é uma das principais entre as macrófitas aquáticas que causam problemas em corpos hídricos no Brasil e são consideradas como plantas daninhas. O presente trabalho foi realizado com os objetivos de conhecer melhor a variabilidade genética dessa macrófita e relacionar essa variabilidade com a resposta à aplicação do herbicida glyphosate. Para isso, foram coletados indivíduos em 12 corpos hídricos em diferentes cidades do território nacional (Americana, Cambaratiba, Curitiba, Itapura, Jaboticabal, Lagoa Santa, Piraí, Rio Grande, Rubinéia, Salto Grande, Santa Gertrudes e Três Lagoas. Os acessos foram caracterizados pelo uso de marcadores RAPD (DNA Polimórfico Amplificado ao Acaso, que permitiram, com o auxílio de iniciadores aleatórios, a caracterização dos locos polimórficos identificados por uma matriz de ausência e presença de bandas. Utilizando essa matriz, a análise de agrupamento permitiu nítida classificação dos acessos em três grupos com diferenças genéticas entre eles. Um ensaio de controle químico, com plantas mantidas em vasos plásticos (5 L e pulverizadas com o herbicida glyphosate nas concentrações de 0,0, 0,6, 1,2, 1,8 e 2,4 kg ha-1, identificou, utilizando avaliações aos 7, 14 e 21 dias após aplicação, que as duas maiores doses promoveram melhor efeito herbicida. Foi verificado também que os acessos de Curitiba e Cambaratiba apresentaram menor suscetibilidade ao herbicida glyphosate. Não houve correspondência entre a estrutura de grupos dos acessos pela análise multivariada de agrupamento com a técnica RAPD e a suscetibilidade da alface-d'água ao glyphosate.Water lettuce (Pistia stratiotes is one the most important macrophytes, classified as weed and causing serious problems in watercourses in Brazil. The aim of this research was to evaluate the genetic variability of water lettuce and its relationship with this plant's susceptibility to glyphosate

  2. Espectroscopia de infravermelho na determinação da textura do solo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tatiana Maris Ferraresi

    2012-12-01

    Full Text Available A aplicação de técnicas espectroscópicas que utilizam a radiação infravermelha (NIRS-Near Infrared Spectroscopy e DRIFTS-Diffuse Reflectance Fourier Transformed Spectroscopy na análise inorgânica do solo tem sido proposta desde a década de 1970, mas até os dias atuais são raros os métodos implementados rotineiramente no Brasil. Isso deve-se à dificuldade em construir modelos de calibração, por meio de métodos estatísticos multivariados, utilizando-se amostras reais de solo, de constituição complexa, que varia geograficamente e de acordo com o manejo. Por isso, os objetivos deste trabalho foram construir modelos de calibração em NIRS e DRIFTS para a quantificação das frações de argila e areia, em amostras de solos de classes diferentes - Latossolo Vermelho (predominante, Nitossolo, Argissolo Vermelho e Neossolo Quartzarênico - e avaliar qual dessas duas técnicas é mais adequada para essa finalidade, assim como a interferência do agrupamento de amostras e da seleção de variáveis espectrais na qualidade desses modelos. Para isso, valores de referência obtidos pelo método do densímetro, método largamente utilizado nos laboratórios de análise de solo, foram correlacionados com valores de absorbância em NIRS e DRIFTS pela ferramenta estatística PLS (Partial Least Squares, obtendo-se altos coeficientes de determinação (R², de 0,95, 0,90 e 0,91 para argila, silte e areia, respectivamente, na validação externa. Isso confirma a aplicabilidade das técnicas espectroscópicas na análise granulométrica do solo para fins agrícolas. O agrupamento das amostras segundo a localização e a seleção de variáveis espectrais pouco influenciou na qualidade dos modelos. A técnica espectroscópica mais indicada para essa finalidade foi a DRIFTS.

  3. Variabilidad espacial de las propiedades químicas del epipedón de un andisol hidromórfico del oriente antioqueño (colombia)

    OpenAIRE

    Jaramillo Jaramillo, Daniel Francisco

    2013-01-01

    Resumen. Se estudió la variabilidad espacial de algunaspropiedades químicas del epipedón de un Andisol de régimen dehumedad ácuico. La mayoría de las propiedades estudiadaspresentó una dependencia espacial alta, con una variabilidadestructurada de más del 50% de la variabilidad total y con rangorelativamente corto de 20 m en promedio, situación que puedeestar reflejando una alta intensidad de uso y manejo del suelo en actividades agropecuarias como la aplicación de fertilizantes yenmiendas....

  4. VARIABILIDAD GENÉTICA DEL CRECIMIENTO EN PROGENIES SELECTAS DE Pinus radiata

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Freddy Mora

    2006-09-01

    Full Text Available Heredabilidad en sentido estricto (h2, correlación genética intra-clase (2IC y componentes de varianza para la altura, diámetro a la altura del pecho (DAP y volumen del fuste, a los siete años de edad después de la plantación, fueron analizados en dos ensayos de progenie de Pinus radiata establecidos en el sur de Chile, en orden a examinar la variabilidad genética del crecimiento en una generación avanzada de la especie. Estos ensayos incluyeron árboles provenientes de propagación vegetativa y generativa. Las heredabilidades fueron estimadas para los árboles originados de semillas, y mostraron los siguientes valores: altura, 0.08-0.13; diámetro a la altura del pecho, 0-0.13; volumen del fuste, 0-0.09. Los valores de la correlación genética intra-clase, estimados para el grupo de árboles originados de propagación vegetativa, fueron moderados a bajos (2IC: altura, 0.1-0.11; diámetro a la altura del pecho, 0.01-0.05; volumen del fuste, 0.03-0.06. No obstante la presencia de heredabilidades y correlaciones moderadas para algunas características y, la variación relativamente limitada entre grupos de árboles reflejan la fuerte selección realizada a las progenies. En general, los árboles provenientes de estacas presentaron una tendencia a la menor variación intra-genotípica, y evidenciaron magnitudes relativas de las varianzas debida al grupo (2G mayores a las varianzas familiares (2F, en cuatro de seis caracteres evaluados, indicando una tendencia a la mayor homogeneidad en el crecimiento, característica común de la propagación vegetativa.

  5. Variabilidad genotípica y respuesta a la selección en moha (Setaria italica (L. P. Beauv.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Julio Gabriel Velazco

    2012-07-01

    Full Text Available La moha (Setaria italica es un cultivo de verano, anual, tipo C4, utilizado como cereal o forraje. El objetivo de este estudio fue estimar parámetros genéticos de utilidad para el mejoramiento en caracteres relacionados con rendimiento de grano y forraje en las poblaciones de la especie adaptadas de Argentina. Se estimaron la variabilidad y las correlaciones genotípicas, y la ganancia genética esperada por selección de líneas puras en los cultivares Carapé INTA y Yaguané INTA. Los cultivares se diferenciaron principalmente en número de macollos, altura de planta y tamaño de panoja. En todos los caracteres evaluados, Yaguané INTA mostró mayores niveles de variabilidad genotípica que Carapé INTA. En Yaguané INTA el número de macollos presentó una fuerte correlación negativa con el resto de caracteres morfológicos, mientras que en Carapé INTA esta asociación fue menos marcada. Las ganancias genéticas esperadas en Yaguané INTA fueron superiores que las obtenidas en Carapé INTA sobre todos los caracteres, con las mayores ganancias en el tamaño de panoja y número de macollos. Los parámetros estimados sugieren que Yaguané INTA posee el mayor potencial para mejoramiento.

  6. Variabilidad genética en Lutzomyia ( verrucarum evansi (Núñez-Tovar, 1924, vector de Leishmaniosis visceral americana

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Charles Porter

    2001-04-01

    Full Text Available

    Lutzomyia evansi (Núñez-Tovar, 1924, Lutzomyia longipalpis
    (Lutz y Neiva, 1912 y Lutzomyia cruzi (Mangabeira, 1938, son los
    vectores de Leishmania infantum Nicolle, 1908, en el neotrópico. Lu. evansi ha sido incriminada como vector en zonas rurales de la Costa Caribe Colombiana, y algunas zonas de Venezuela y Nicaragua. A pesar de que esta especie reviste gran importancia en Salud Pública, no existen a la fecha estudios sobre su variabilidad genética, desconociéndose si existe o no flujo genético entre las poblaciones rurales y urbanas, endémicas y no endémicas de leishmaniosis visceral (LV. Con base en los genes mitocondriales Citocromo b, RNA de transferencia para Serina, subunidades uno y cuatro de la NADH deshidrogenasa, se estudió la variabilidad genética entre las distintas poblaciones de Lu. evansi en la Costa Caribe, incluyendo la población
    geográficamente aislada de Isla Fuerte, y una población de Venezuela.

     

  7. VARIABILIDADE ESPACIAL E TEMPORAL DO ÍNDICE VEGETAÇÃO MPRI APLICADO ÀS IMAGENS DE GRAMA SÃO CARLOS OBTIDAS POR AERONAVE REMOTAMENTE PILOTADA / SPACE AND TEMPORARY VARIABILITY OF THE INDEX VEGETATION APPLIED TO IMAGES OBTAINED BY A REMOTELY PILOTED AIRCRAF

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    L. M. Gonçalves

    2017-12-01

    Full Text Available Imagens de alta resolução obtidas com auxílio de Aeronaves Remotamente Pilotadas (RPA, quando recebem o tratamento adequado podem ser ferramenta útil para a prática da agricultura de precisão, monitorando o crescimento e desenvolvimento da cultura em escala temporal e espacial adequada. Nesse sentido, este trabalho teve por objetivo utilizar imagens obtidas com uma câmera digital acoplada a uma RPA para analisar a variabilidade espacial e temporal do índice de vegetação (IV MPRI aplicado em uma área de produção grama São Carlos. As imagens foram coletadas durante o período de dezembro de 2016 a março de 2017, utilizando um quadricóptero de voo autônomo, com câmera RGB e altura de voo de 50 m. O processamento das imagens e a aplicação IV MPRI foram realizados com auxílio de um software de geoprocessamento gratuito. Valores médios do MPRI foram gerados para todas as cenas. Foi possível detectar a variabilidade do MPRI em todas a cenas. Um índice de determinação (R² igual a 0,89 foi encontrado devido a correlação entre os valores de MPRI e o tempo após o corte da grama. Pode se inferir por meio dos resultados obtidos que a utilização desta tecnologia tem grande potencial para monitoramento e avaliação das áreas cultivadas com grama.

  8. Variabilidade espacial de atributos químicos de um Latossolo Vermelho-Amarelo húmico cultivado com café Spatial variability of chemical attributes of an Oxisol under coffee cultivation

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Samuel de Assis Silva

    2010-02-01

    Full Text Available O objetivo do presente estudo foi analisar a variabilidade espacial de atributos químicos de um Latossolo Vermelho-Amarelo húmico. O estudo foi realizado em uma área cultivada com Coffea arabica L. variedade Catuaí. As amostras de solo foram coletadas na profundidade de 0-20 cm, distribuídas em uma malha amostral, com 50 pontos. Os atributos químicos estudados foram: P, Na e S disponíveis, Ca, Mg e Al trocáveis, pH, H + Al, SB, t, T, V, m, MO, ISNa, P-remanescente e micronutrientes (Zn, Fe, Mn, Cu e B. Os dados foram analisados por meio da análise da estatística descritiva, seguida de uma análise de componentes principais com posterior análise de agrupamento. A geoestatística foi utilizada para verificar a existência e quantificar o grau de dependência espacial dos componentes principais. O método de análise multivariada com base nos componentes principais forneceu componentes interpretáveis, sendo o primeiro relacionado com a acidez e o segundo com o teor de matéria orgânica do solo. As técnicas de análise multivariada, em associação com a geoestatística, facilitaram a avaliação da variabilidade do solo; os componentes principais 1 e 2 apresentaram dependência espacial moderada, com maior continuidade espacial observada para o componente 1, o que permitiu melhor caracterização da acidez do solo. O solo em estudo apresentou, ao longo da encosta, disponibilidade reduzida de nutrientes, considerável acidez, menores teores de matéria orgânica na porção central da área e valores elevados de Al trocável na porção superior desta.The objective of this study was to analyze the spatial variability of chemical attributes of an Oxisol. The experiment was conducted with Coffea arabica L., variety Catuai, at a depth of 0-0.2 m in a grid area totaling 50 points. The studied chemical attributes were: P, K, Ca, Mg, Na, S, Al, pH, H + Al, SB, t, T, V, m, MO, ISNa, equilibrium P and micronutrients (Zn, Fe, Mn, Cu, and B. The

  9. Variabilidade espacial de atributos físicos de um Latossolo Vermelho sob cultivo de cana-de-açúcar Spatial variability of physical attributes of Oxisol under sugarcane crop

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Zigomar M. Souza

    2004-04-01

    Full Text Available O uso intensivo dos Latossolos no nordeste do Estado de São Paulo com a cana-de-açúcar, com preparo superficial excessivo e queima dos resíduos, modifica significativamente as propriedades físicas do solo. Este trabalho teve como objetivo avaliar a variabilidade espacial de atributos físicos de um Latossolo Vermelho eutroférrico sob cultivo de cana-de-açúcar, através da geoestatística. Os solos foram amostrados nos pontos de cruzamento de uma malha, com intervalos regulares de 10 m, nas profundidades de 0 - 0,2; 0,2 - 0,4 e 0,4 - 0,6 m, totalizando 100 pontos; em cada amostra foram determinadas porosidade total, macroporosidade, microporosidade e densidade do solo. O coeficiente de variação indicou variabilidade baixa para porosidade total nas profundidades 0,2 - 0,4 e 0,4 - 0,6 m, microporosidade na profundidade de 0,2 - 0,4 m e densidade do solo em todas as profundidades estudadas, e média para microporosidade nas profundidades de 0 - 0,2 e 0,4 - 0,6 m e porosidade total na profundidade de 0 - 0,2 m, enquanto a macroporosidade apresentou variação alta. Os maiores alcances foram observados nas profundidades de 0,2 - 0,4 m e 0,4 - 0,6 m para todos os atributos estudados. Os altos valores para a densidade do solo, sobretudo na profundidade de 0,2 - 0,4 m, promoveram redução da porosidade total, microporosidade em particular, na macroporosidade, indicando uma compactação nesta camada. Pequenas variações nas formas do relevo condicionam variabilidade diferenciada para os atribultos físicos do solo.The intensive use of the Oxisols in the northeast of São Paulo State with the sugarcane using extreme superficial preparation and burning of the residues significantly modifies the physical properties of the soil. This work had the objective to evaluate the spatial variability of physical attributes of an Oxisol under sugarcane crop, by applying the technique of geostatistics. The soils were collected at the grid points, with

  10. Um Estudo Comparativo Entre Coeficientes de Difusão Verticais na Simulação da Dispersão de Poluentes em uma Camada Limite Convectiva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria de Fatima Silva Leite

    Full Text Available Resumo Este trabalho apresenta um estudo comparativo entre diferentes coeficientes de difusão verticais aplicados em um modelo de dispersão para determinação da concentração de poluentes atmosféricos em uma camada limite convectiva. O modelo de dispersão é uma solução semi-analítica da equação de difusão-advecção tridimensional e estacionária, sendo que os resultados das simulações foram confrontados com dados experimentais da literatura. As melhores performances foram obtidas com o coeficiente de difusão proveniente da teoria estatística de Taylor e propriedades espectrais. Entretanto, resultados menos satisfatórios foram obtidos com a parametrização Asymmetric Convective Model version 2 (ACM2, muito usada como uma das opções para camada limite atmosférica no modelo de mesoescala Weather Research and Forecasting (WRF.

  11. Variability and practice load in motor learning. [Variabilidad y carga de práctica en el aprendizaje motor].

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francisco Javier Moreno

    2015-01-01

    Full Text Available Previous studies have pointed out the convenience of taking the characteristics of the skill to be learned and the intrinsic characteristics of the learners into account when designing practice tasks. Nevertheless, few studies have manipulated the amount of variable practice. The ability to adapt, as an inherent feature of biological systems, can be an adequate framework to explain and predict motor learning processes. This paper is based on adaption processes explained under the theory of allostasis and the general adaption syndrome and shares the background of the Dynamic Systems Theory, to propose the concept of practice load as a useful tool to quantify variability of practice in motor learning. From this standpoint, the conditions of variable practice are reviewed to be a stimulus in an adequate magnitude and direction to take the learner to a higher level of performance and hence to optimize motor learning. Resumen Muchos autores han recomendado la conveniencia de ajustar los niveles de práctica variable teniendo en cuenta las características de la tarea y la variabilidad intrínseca que muestra el aprendiz en la ejecución de la habilidad. Sin embargo, no son numerosos los trabajos que han manipulado varios niveles de cantidad de variabilidad al practicar. La capacidad de adaptación, como rasgo de los sistemas biológicos puede resultar un marco adecuado para afrontar esta cuestión. En este trabajo, apoyado en los procesos de adaptación explicados bajo las teorías de alostasis y el síndrome general de adaptación (GAS, y bajo presupuestos compartidos por la Teoría General de Sistemas Dinámicos, propondrá el concepto de carga de práctica como una herramienta para cuantificar la práctica en el aprendizaje motor. Bajo esta perspectiva se revisan las condiciones en las que la práctica en variabilidad debe modularse, para suponer una estimulación que facilite al aprendiz una adaptación a un nivel de rendimiento superior y con

  12. Amostragem e variabilidade espacial de características químicas de um latossolo submetido a diferentes sistemas de preparo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    SILVEIRA PEDRO MARQUES DA

    2000-01-01

    Full Text Available O trabalho foi conduzido na Embrapa-Centro Nacional de Pesquisa de Arroz e Feijão, em Santo Antônio de Goiás, GO, em Latossolo Vermelho-Escuro distrófico, textura argilosa, submetido a diferentes sistemas de preparo, durante cinco anos consecutivos (19921996, e cultivado com milho no verão e feijoeiro no inverno, sob irrigação por aspersão. O objetivo foi avaliar as características químicas de um solo Latossolo Vermelho-Escuro após cinco anos de uso de três sistemas de preparo para o plantio. Os sistemas foram: com arado de aiveca, grade aradora e plantio direto. As amostras para análise química foram coletadas, em todos os três tratamentos, em uma malha quadrada de 49 pontos (7x7, a espaços de 4 m x 4 m, e nas profundidades de 0-5 cm e 5-20 cm de solo. As amostras foram analisadas para determinação do pH, Ca, Mg, P, K e cálculo da saturação por bases. Em relação a cada variável calculou-se o valor médio, mínimo, máximo e coeficiente de variação, comparando-se as médias, entre tratamentos, pelo teste t. Os valores de pH, Ca, Mg, P, K e saturação por bases do solo variaram nos diferentes tratamentos. Na profundidade de 0-5 cm, os valores de todas as variáveis foram maiores no sistema plantio direto do que no arado e na grade. Os valores de P e de K apresentaram as maiores variabilidades, e os de pH, as menores.

  13. Aplicação da ferramenta de cep num processo siderúrgico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rafael Zimmermann Stefani

    2014-08-01

    Full Text Available O presente trabalho tem como objetivo apresentar uma aplicação prática da utilização de cartas de controle dentro de um projeto Seis Sigma propiciando um melhor entendimento da variabilidade relacionado a dureza da água no molde, um parâmetro crítico do processo que repercute na formação de defeitos em barras laminadas a partir de tarugos lingotados numa aciaria elétrica. No case apresentado, a utilização da ferramenta possibilita a identificação de uma anomalia para remoção imediata.

  14. La variabilidad de la lluvia al sur del paralelo 20º norte en el estado de Veracruz

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ramón Sierra Morales

    1969-06-01

    Full Text Available La finalidad primordial del estudio fué elegir las fórmulas mas adecuadas para determinar de una manera efectiva la variabilidad de la lluvia en nuestro país, a fin de preparar la programación primero, de la variabilidad de la lluvia en el estado de Veracruz y posteriormente en toda la República. Esta variación que se define como la diferencia con la media calculada en un período considerable de años de observación, es significativa debido a que tiene una relación directa, con las explotaciones agrícolas, con la vegetación y suelos, así como con la distribución de ios núcleos de población y la localización de zonas industriales y de almacenamiento de agua para diversos usos. En este trabajo se tomaron como base 19 estaciones meteorológicas distribuidas en la parte meridional del Estado de Veracruz, evitando que quedaran muy aglomeradas, ya que por tratarse de un trabajo experimental no era necesario emplearlas todas. Una vez reunidos los datos de precipitación anual de un período mayor de 12 años se procedió a calcular la variación interanual de la lluvia cuantificando y calculando la desviación que acusan los valores individuales respecto al promedio aritmético. Con el propósito de tener una idea de cómo la variabilidad afecta el desarrollo de la agricultura, se hizo un análisis de este tipo de actividad tomando como base datos estadísticos de producción de los siguientes cultivos: maíz, frijol, caña de azúcar y café, por tratarse de productos con un rendimiento y consumo muy elevados. Se concluyó que, en general, el rendimiento de los cultivos ofrece una tendencia a disminuir a medida que el coeficiente de variación aumenta; sin embargo hay algunas estaciones en que esto no sucede, lo cual pone de manifiesto que las características agrícolas de un lugar no sólo dependen de la variabilidad, sino de otros factores como son la topografía del terreno, el tipo de clima, las prácticas agrícolas empleadas

  15. Variabilidad y evolución del rendimiento en cultivares argentinos de maíz duro

    OpenAIRE

    Loffler, C. M.; Salaberry, M. T.; Stinziani, J.; Favoretti, C. H.

    1986-01-01

    p.125-132 Se ilustra sobre el uso de una metodología para el análisis e interpretación de datos de redes territoriales de ensayos de cultivares. Se evaluaron datos de veinticinco cultivares de maíz (Zea mays l.) duro, en seis ambientes de la subregión ecológica IX y de todos los cultivares de ensayos conducidos en dos localidades de cada una de las subregiones IX y VI entre 1972 y 1985. Se determinó variabilidad genética y relaciones entre caracteres para la subregión IX y progreso genétic...

  16. Variabilidade espacial de fatores de erosão em Latossolo Vermelho eutroférrico sob cultivo de cana-de-açúcar Spatial variability of the erosion factors in eutrudox Red Latosol under sugarcane crop

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Zigomar M. de Souza

    2005-04-01

    Full Text Available Visando a avaliar a variabilidade espacial de fatores de erosão em Latossolo Vermelho eutroférrico, foram obtidas amostras do solo em intervalos regulares de 50 m, em forma de grid, totalizando 206 pontos de amostragem. Foram coletadas amostras nas profundidades de 0,0-0,2 m para a determinação da composição granulométrica e do conteúdo de matéria orgânica. Os fatores de erosão locais, como erosividade (R, erodibilidade (K, relevo (LS, perda de solo (A, potencial natural de erosão (PNE, risco de erosão (RE e expectativa de erosão (EE, foram avaliados. A variabilidade do solo medida pelo coeficiente de variação registrou-se média para K, alta para o RE e EE e muito alta para A, LS e PNE. As variáveis estudadas apresentaram estrutura de dependência espacial com grau moderado para as variáveis K, A, PNE e RE, e forte para o LS e EE. Mapas obtidos por krigagem foram apresentados para descrição dos padrões de distribuição dos fatores de erosão na paisagem.The objective of this work was to evaluate the spatial variability of soil erosion factors on a Dark Red Oxisol under sugarcane conventional tillage. Soil samples were collected in 206 points, in a depth of 0.0-0.2 m, located in a 50 m regular grid for obtaining the soil texture and organic matter content. The local erosion factors were determined: erosivity (R, erodibility (K, relief (LS, soil erosion (A, natural potential of erosion (PNE, erosion risk (RE and erosion expectation (EE. Geostatistical analysis was performed to measure and model the spatial variability of soil erosion factors. The soil variability was moderate with K, A, and PNE while the soil variability was higher with LS, RE, and EE. K, A, and PNE exhibited moderate spatial dependence, but spatial dependence of LS, RE and EE was strong. Kriging maps were presented for understanding of soil erosion factors distribution patterns within the landscape.

  17. Variabilidade no conteúdo calórico de plantas vasculares em dois reservatórios do Estado do Paraná - DOI: 10.4025/actascibiolsci.v26i2.1611 Variability in the caloric content of vascular plants in two Paraná State reservoirs - DOI: 10.4025/actascibiolsci.v26i2.1611

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Danielle Peretti

    2004-04-01

    Full Text Available Com o intuito de quantificar o conteúdo calórico das plantas vasculares de dois reservatórios do Estado do Paraná, bem como sua variabilidade espacial e entre grupos ecológicos, foram realizadas amostragens em dezembro de 2002, nas zonas fluvial, de transição e lacustre dos reservatórios Mourão e Rosana. Foram amostradas, ao acaso, folhas maduras de plantas aquáticas e da vegetação ripária de diferentes indivíduos (n = 5, pertencentes à mesma espécie. Para obtenção do conteúdo calórico, em cal.g-1 de peso seco, as amostras foram maceradas em moinho de bola e submetidas à combustão em bomba calorimétrica PARR. Os dados foram submetidos a uma ANOVA modelo nulo, utilizando-se o programa EcoSim versão 7.44. Foi constatado que as plantas vasculares analisadas apresentaram ampla variabilidade calórica. Além disso, foram significativas as variabilidades espacial e entre os grupos ecológicos, não sendo recomendável o uso de um único valor calórico para estes produtores primários em modelos de fluxo de energia, sendo necessária, uma inspeção preliminar da amplitude e dos fatores que são determinantes de tal variaçãoThe present research aimed to quantify the vascular plants caloric content in two reservoirs in Paraná, as well as the spatial and ecological group variabilities. The sampling was done in December 2002, in the fluvial, transition and lacustrine zones in Rosana and Mourão reservoirs. Aquatic macrophytes and riparian vegetation mature leaves, from different individuals (n=5, belonging to the same species, were randomly sampled. In order to obtain the caloric content, in cal.g-1 dry weight, the samples were pulverized in a ball mill and subjected to combustion in a PARR calorimetric bomb. The data were treated with a null model ANOVA (EcoSim 7.44 program. A wide caloric variability was verified in the vascular plants analysed. Besides, the spatial and ecological group variabilities were significant, so it

  18. Genetic variability within Fusarium solani specie as revealed by PCR-fingerprinting based on pcr markers Variabilidade genética em espécies de Fusarium solani revelada pela técnica de impressão genética baseada em marcadores PCR

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bereneuza Tavares Ramos Valente Brasileiro

    2004-09-01

    Full Text Available Fusarium solani fungus (teleomorph Haematonectria haematococca is of relevance for agriculture, producing a disease that causes significant losses for many cultivars. Moreover, F. solani is an opportunistic pathogen to animals and humans. The complexity associated to its correct identification by traditional methods justifies the efforts of using molecular markers for isolates characterization. In this work, three PCR-based methods (one PCR-ribotyping and two PCR-fingerprinting were used to investigate the molecular variability of eighteen F. solani isolates from four Brazilian States, collected from different substrates. Genetic analysis revealed the intraspecific variability within the F. solani isolates, without any correlation to their geographical origin and substrate. Its polymorphism was observed even in the very conserved sequence of rDNA locus, and the SPAR marker (GTG5 showed the highest polymorphism. Together, those results may contribute to understand the relation between fungal genetic variability and cultivars resistance phenotypes to fungal-caused diseases, helping plant-breeding programs.O fungo Fusarium solani (teleomorfo Haematonectria haematococca apresenta uma expressiva importância na agricultura por ser considerado patógeno para várias culturas de interesse econômico causando doença conhecida por podridão das raízes, além de ser patógeno aos animais e ao homem, provocando nestes últimos, micoses superficiais e sistêmicas. A complexidade associada a sua identificação correta através de métodos tradicionais justifica os esforços de usar marcadores moleculares para caracterização dos isolados. Neste trabalho, três métodos baseados na tecnologia da PCR (um por ribotipagem por PCR e dois por impressão genética por PCR foram utilizados para investigar a variabilidade molecular de dezoito isolados de F. solani de quatro Estados brasileiros, coletados de diferentes substratos. A análise genética revelou a

  19. Caracterização molecular e variabilidade genética de acessos elite de mandioca para fins industriais Molecular characterization and genetic variability of elite cassava accessions for industrial purpose

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eduardo Alano Vieira

    2010-12-01

    Full Text Available Marcadores moleculares são ferramentas úteis na caracterização molecular de acessos de mandioca, em razão de apresentarem elevada capacidade de detecção das informações contidas no genoma. O objetivo deste trabalho foi caracterizar, por meio de marcadores RAPD, 20 acessos de mandioca para fins industriais conservados no Banco Regional de Germoplasma de Mandioca do Cerrado (BGMC. Em laboratório, os acessos foram avaliados por meio de marcadores RAPD, sendo posteriormente estimada a matriz de similaridade genética entre os acessos, por meio do índice de Jaccard. A análise, feita através de 11 iniciadores, gerou um total de 120 marcadores RAPD, dos quais 74 (62% foram polimórficos, revelando a presença de elevada variabilidade genética no grupo de acessos avaliados. A análise de agrupamento revelou a formação de apenas um agrupamento forte, formado pelos acessos BGMC 1130, BGMC 788, BGMC 1270 e BGMC 1107, o que indica que, no melhoramento genético de mandioca, não devem ser priorizadas hibridações entre esses acessos, sob pena de efeitos de endogamia. Por sua vez, o acesso BGMC 436 foi o mais divergente em relação aos demais e, como expressa elevado potencial produtivo na região do Cerrado do Brasil Central, representa boa opção como genitor para o melhoramento de mandioca para essa região. O estudo comprovou que os marcadores RAPD são eficientes na determinação da variabilidade genética dos acessos avaliados e que neste grupo existe elevada variabilidade genética passível de ser utilizada no melhoramento genético.Molecular markers are useful tools for the molecular characterization of cassava accessions since they present high capacity to detect information within the genome. The aim of this research was to characterize through RAPD molecular markers, 20 industrial cassava accessions conserved in the Cerrado Cassava Regional Germoplasm Bank ("Banco Regional de Germoplasma de Mandioca do Cerrado"-BGMC. Upon

  20. Variabilidade espacial de atributos físicos do solo em diferentes formas do relevo sob cultivo de cana-de-açúcar Spatial variability of physical attributes of the soil in different landscape forms under sugarcane

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Z. M. Souza

    2004-12-01

    Full Text Available A utilização intensiva de máquinas e implementos agrícolas no nordeste do estado de São Paulo tem contribuído para aumentar as áreas com problemas de compactação, provavelmente pela ausência de um cronograma de trabalho bem definido ou de modelos capazes de estimar a capacidade de suporte do solo. O trabalho foi desenvolvido em Guariba (SP, com o objetivo de avaliar a variabilidade espacial da resistência à penetração do solo, umidade e densidade do solo em um Latossolo Vermelho eutroférrico sob cultivo de cana-de-açúcar. Os solos foram amostrados nos pontos de cruzamento de uma malha, com intervalos regulares de 10 m, perfazendo um total de 100 pontos, nas profundidades de 0,0-0,2 e 0,2-0,4 m. O coeficiente de variação indicou baixa variabilidade para umidade e densidade do solo nas duas profundidades e alta para resistência à penetração do solo. Observou-se um grau forte de dependência espacial para todas variáveis, exceto para densidade do solo na profundidade de 0,2-0,4 m que apresentou grau moderado de dependência espacial. Os altos valores para a resistência à penetração e densidade do solo, principalmente na profundidade de 0,2-0,4 m, indicaram compactação nesta camada. Pequenas variações nas formas do relevo condicionam variabilidade diferenciada nos atributos físicos dos solos.The intensive use of machines and agricultural equipments in the northeastearn São Paulo State has contributed to increase the areas with compaction problems, probably due to the absence of a well-defined operation chronogram or of models capable of predicting the soil support capacity. This study was conducted in Guariba (SP, with the objective of evaluating the spatial variability of the penetration resistance, soil moisture, and bulk density of a Oxisol (rhodic Eutrustox under sugar-cane cultivation. The soils were sampled at the crossing points of a grid with regular 10 m intervals at depths of 0.0-0.2 m and 0.2-0.4 m. The

  1. Composicion y variabilidad espacialdel banco de semillas de malezas en un area agricolade azul (Argentina Composition and spatial variation of a weed seed bank on an agricultural area in Azul, Argentina

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eduardo Requesens

    1999-08-01

    Full Text Available No Distrito Azul, zona central da província de Buenos Aires (Argentina, encontram-se ambientes de planície na parte norte e ambientes serranos na parte sul. Esta última, constituí-se numa área predominantemente agrícola, onde a cultura de trigo, principal atividade agrícola, se alterna com culturas de verão como milho, girassol e soja. Com o objetivo de caracterizar globalmente o banco de sementes da área agrícola, foram analisados o conteúdo de sementes, a composição de espécies, a distribuição e variabilidade espacial das espécies que o compõem. A informação básica foi obtida aplicando-se a técnica da emergência em amostras de solo correspondentes a 20 locais alinhados numa faixa de 14 km. A densidade de sementes nos locais de amostragem variou entre 1.173 e 44.000 sem/m2. Na totalidade, foram detectadas 33 espécies. Digitaria sanguinalis foi claramente a espécie dominante, aportando com quase 43 % do banco, seguida de Polygonum aviculare com um aporte de 15 %. As duas espécies, juntamente com Anagallis arvensis e Setaria viridis completam70 % do banco de sementes. A composição específica completa-se com um grupo de 29 espécies, os quais contribuem, cada um delas, com menos de 5%. A distribuição espacial das espécies ao longo da faixa estudada mostrou um grau de agregação variável, sendo encontrada uma correlação positiva significativa entre o tamanho do banco e a relação variância/média. Demonstrou-se, assim, que as espécies mais abundantes em média, apresentaram grande variabilidade espacial. Nelas, foram observados diferentes padrões de distribuição espacial.Azul, in the center of the Province of Buenos Aires (Argentina, includes flat environments in the north and hill environments in the south. Last constitutes a predominantly agricultural area where the wheat crop, principal activity, alternates with summer crops as corn, sunflower and soybean. The objetive of the present paper is to

  2. Variabilidade de parâmetros eletromiográficos e cinemáticos em diferentes condições de marcha em idosos Electromyographic and kinematic parameters variability in different conditions of motion in the elderly

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Camilla Zamfolini Hallal

    2013-03-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi investigar a influência do medo de cair e da dupla tarefa sobre a variabilidade de parâmetros eletromiográficos e cinemáticos da marcha de idosas. Dezessete universitárias (21,47 ± 2,06 anos e dezoito idosas (65,33 ± 3,14 anos, fisicamente ativas, realizaram teste de marcha em três condições: velocidade de preferência; medo de cair; e dupla tarefa. A atividade eletromiográfica dos músculos do membro inferior dominante e o comprimento e tempo de passada foram registrados. Utilizou-se o teste ANOVA Two-Way (pThe main goal of this study was to investigate the influence of fear of fall and dual task on electromyographic and kinematic variability parameters on the gait of older females. Seventeen college students (21,47 ± 2,06 years old and eighteen older female adults, both groups were physically fit and performed the gait test on three different conditions: walking at self-select speed, fear of fall and dual task. Electromyographic activity was measured on muscles of dominant leg and stride time was recorded. ANOVA two-way (p<0.05 was used. Electromyographic and kinematic gait variability were higher in older adult groups. However, for the comparison between gait conditions was only found significant difference for electromyographic variability. In line with this, the higher EMG and kinematic variability in older adults suggest that aging contributes for a higher motor challenge while walking, which may be predispose these individuals a higher risk of fall.

  3. Modelagem geoestatística das incertezas da distribuição espacial do fósforo disponível no solo, em área de cana-de-açúcar

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ismênia Ribeiro de Oliveira

    2013-12-01

    Full Text Available O fósforo destaca-se como um dos nutrientes limitantes ao desenvolvimento da cultura da cana-de-açúcar em solos brasileiros. Esse elemento apresenta grande variabilidade espacial, coordenada pelos atributos que regem as reações de adsorção e dessorção. Estimativas espaciais são conduzidas por meio de interpolações geoestatísticas para a caracterização dessa variabilidade. No entanto, tais estimativas apresentam incertezas inerentes ao procedimento que estão associadas à estrutura de variabilidade do atributo em estudo e à configuração amostral da área. Dessa forma, avaliar a incerteza das predições associada à distribuição espacial do fósforo disponível (Plábil é importante para otimizar o uso dos fertilizantes fosfatados. O objetivo deste estudo foi avaliar o desempenho da simulação sequencial gaussiana (SSG e da krigagem ordinária (KO na modelagem da incerteza das predições do fósforo disponível. Uma malha amostral com 626 pontos foi instalada em uma área experimental de 200 hectares de cana-de-açúcar no município de Tabapuã, São Paulo. Foram geradas 200 realizações por meio do algoritmo da SSG. As realizações da SSG reproduziram as estatísticas e a distribuição dos dados amostrais. A estatística G (0,81 indicou boa proximidade entre as frações dos valores simulados e as dos observados. As realizações da SSG preservaram a variabilidade espacial do Plábil, sem o efeito de suavização obtido pelo mapa da KO. A acurácia na reprodução do variograma dos dados amostrais, obtida pelas realizações da SSG foi, em média, 240 vezes maior que obtida por meio da KO. O mapa de incertezas, obtido por meio da KO, apresentou menor variação na área de estudo do que por SSG. Dessa forma, a avaliação das incertezas, pela SSG, evidenciou-se mais informativa, podendo ser utilizada para definir e delimitar, de forma mais precisa, as áreas de manejo específico.

  4. Variabilidade genética entre isolados de Colletotrichum gossypii do algodoeiro Genetic variability among the isolates of Colletotrichum gossypii of cotton

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Yeshwant R. Mehta

    2010-03-01

    Full Text Available O algodoeiro é atacado por Colletotrichum gossypii (CG e C. gossypii var. cephalosporioides (CGC. Ambos os patógenos são transmitidos pela semente e sua distinção morfológica é extremamente difícil e inconsistente. Tentativas foram feitas no presente trabalho para verificar a variabilidade genética entre CG e CGC através de RAPD-PCR, ERIC- e REP-PCR e PCR-RFLP da região ITS rDNA. Foram utilizados 53 isolados coletados de sementes e folhas de plantas de diferentes cultivares nos estados do Paraná, São Paulo, Mato Grosso, Minas Gerais, e Paraiba, entre 1999 e 2003. Baseado em testes de patogenicidade, vinte e um isolados foram classificados como CG e 32 como CGC. Os resultados obtidos por RAPD-PCR, utilizando-se oito primers, revelaram dois grupos distintos sendo que o primeiro foi formado por 94% dos isolados de sementes e o segundo por 95% dos isolados de folhas. Na análise de ERIC- e REP-PCR, resultados semelhantes a RAPD foram obtidos, sendo que o primeiro grupo foi formado por 93% dos isolados provenientes das sementes e o segundo por 78% dos isolados provenientes das folhas. Quando o produto de amplificação da região ITS rDNA foi digerido com oito enzimas de restrição, um perfil de bandas semelhante para todos os isolados foi obtido. Resultados de RAPD, ERIC- e REP-PCR demonstraram que existem diferenças genéticas entre os isolados provenientes das sementes e aqueles provenientes de parte aérea, e esses dois grupos foram claramente distintos. Estudos futuros devem ser realizados utilizando outras técnicas moleculares para a obtenção de marcadores capazes de distinguir entre isolados de CG e CGC.Cotton is attacked by Colletotrichum gossypii (CG and C. gossypii var. cephalosporioides (CGC. Both the pathogens are transmitted by seed and their morphological distinction is extremely difficult and inconsistent. In the present study, attempts were made to verify the genetic variability among 53 isolates of CG and CGC using

  5. Influência dos barorreceptores e da pressão arterial na resposta cardíaca à hipertensão renovascular em ratos

    OpenAIRE

    Kaleizu Teodoro Rosa

    2008-01-01

    No presente estudo, duas importantes situações foram abordadas no intuito de se melhor entender os mecanismos homeostáticos dos pressorreceptores na gênese da hipertrofia cardíaca em resposta à hipertensão renovascular: o efeito do tempo de clipe na artéria renal e o efeito dos níveis pressóricos e da variabilidade da pressão arterial. O curso temporal mostrou que, antes mesmo da instalação da hipertensão, há alteração da morfologia cardíaca, qual seja o desenvolvimento de uma hipertrofia ven...

  6. Variabilidade genética em populações de pitangueira oriundas de autopolinização e polinização livre, acessada por AFLP Genetic variability in surinam cherry populations originated from self-pollination and cross pollination, estimated by AFLP

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rodrigo Cezar Franzon

    2010-03-01

    Full Text Available Foram utilizados marcadores AFLP para a avaliação de populações de plantas de pitangueira (Eugenia uniflora oriundas de autopolinização e de polinização livre, com o objetivo de verificar a variabilidade existente entre e dentro dessas populações, visando a fornecer mais informações que ajudem no entendimento do modo de reprodução dessa espécie. O material vegetal utilizado foi oriundo de duas seleções de pitangueira ("Pit 15" e "Pit 52", mantidas na Embrapa Clima Temperado. De cada seleção, foram obtidas duas populações F1, por meio de autopolinização e de polinização livre, totalizando quatro populações. Foram analisados 18 indivíduos de cada população e as duas plantas-mãe, totalizando 74 indivíduos. Foram utilizadas três combinações de primers AFLP e calculada a similaridade genética entre plantas pelo coeficiente de Jaccard. Uma estimativa da variabilidade genética entre e dentro das populações foi estimada pela AMOVA. As três combinações de primers AFLP utilizadas amplificaram um total de 178 locos AFLP, dos quais 114 (64,0% foram polimórficos entre todos os indivíduos. Não houve separação clara entre populações descendentes da mesma planta-mãe. Foi observado maior polimorfismo de marcadores AFLP em populações de polinização livre. A proporção da variabilidade genética total entre populações foi significativa, embora tenha sido menor do que aquela observada dentro das populações. A reprodução da pitangueira é decorrente tanto da autofertilização quanto da polinização cruzada, sendo necessário, no entanto, novos estudos para determinar qual a estratégia de reprodução mais eficiente.AFLP molecular markers were used aiming to study the genetic variability within and between Surinam cherry (Eugenia uniflora populations, originated from self-pollination and open pollination of two selections (Pit 15 and Pit 52 of the Embrapa Clima Temperado collection. The objective was to

  7. Variabilidade genética de genótipos de bananeira (Musa spp submetidos ao estresse salino Genetic variability of banana (Musa spp genotypes subjected to saline stress

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eline W. F. Gomes

    2005-06-01

    Full Text Available O Brasil é o segundo maior produtor mundial de bananas, sendo Pernambuco o estado que apresenta maior expansão da cultura na região do perímetro irrigado do Vale do São Francisco em cujas áreas, porém, são freqüentes os problemas de salinização do solo o que se pode tornar um fator limitante para a cultura. A utilização de cultivares tolerantes à salinidade apresenta-se como uma alternativa bastante viável; assim, identificar genótipos que se adaptem a solos salinos da Região Nordeste, é de fundamental importância para os programas de melhoramento. Este trabalho teve por finalidade utilizar marcadores moleculares, obtidos por amplificação de DNA via Reação em Cadeia polimerase (PCR com iniciadores (primers de RAPD, para determinar a variabilidade genética entre dez genótipos de banana (Musa spp: Pacovan, Nanicão, Caipira, FHIA18, Calcuttá, SN/2, Borneo, M-53, Microcarpa e Lidi, correlacionando-os com a tolerância ao estresse salino. Foram testados 25 primers. O iniciador D0142A07 gerou o maior número de loci polimórficos, enquanto o D0142B05 originou o menor. Em geral, o polimorfismo gerado com os marcadores de DNA mostrou que, apesar da base genética estreita, no caso das que são formadas pelo mesmo grupo genômico, os genótipos de bananeira apresentam variabilidade genética relativamente alta. As variedades que apresentaram maior tolerância ao estresse salino, como a Pacovan e SN/2, mostraram-se distantes geneticamente, quando comparadas com as mais sensíveis ao sal, como Calcuttá e Lidi.Brazil is the second lagest banana producer. The State of Pernambuco has presented the greatest expansion of banana cultivation in the irrigated perimeters of the São Francisco Valley. In these areas, however, there are frequent problems with high salt content in the soil, which could turn out to be a major limiting factor to its cultivation. The utilization of cultivars tolerant to saline conditions is a rather viable

  8. Melhoramento do cafeeiro: XXIII - Novos dados sôbre a variabilidade em linhas isogênicas de café Coffee breeding: XXIII variability in isogenic lines of cofeea arabica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    L. C. Mônaco

    1964-01-01

    Full Text Available Os resultados apresentados e discutidos neste trabalho referem-se a informações adicionais sôbre a variabilidade no vigor vegetativo e na produção de plantas de um ensaio de progênies de cafeeiros da Seção de Genética. Várias características foram estudadas, porém, neste trabalho, consideraram-se apenas os dados de produção e a altura dos cafeeiros. A análise dos dados no período 1953-1958 revelou que as progênies J 24 ('Bourbon Amarelo' e C 959 (variação do 'Bourbon Vermelho', foram as mais produtivas e alcançaram as maiores alturas médias em 1958. Três linhas isogênicas de café 'Bourbon Vermelho' incluídas neste ensaio, duas linhas puras e o híbrido entre elas, foram estudadas com mais detalhes a fim de verificar se a capacidade homeostática estaria associada à heterozigosidade neste cultivar de Coffea arabica. No que concerne à altura das plantas nas linhas isogênicas, o híbrido revelou-se estatisticamente semelhante aos pais, mostrando que não existe manifestação heterótica para essa característica. Quanto à produção total, o híbrido F1 se mostrou pouco mais produtivo do que os pais. O coeficiente de variação e os valores das variâncias do híbrido revelaram-se mais próximos ao pai, com menor variabilidade, no que se refere à altura das plantas e à produção. A análise da variação da produtividade, para cada um dos seis anos separadamente, mostrou que em apenas um ano a variância do híbrido se apresentou maior que a de um dos pais. Nos demais, revelou-se menor ou intermediária, porém as diferenças não foram estatisticamente significativas.Sixteen strains of different cultivars of Coffea arabica were evaluated for yielding capacity, vigor and plant height. The data collected after six cumulative harvests have indicated that the high yielding progenies (J 24ex 'Bourbon Amarelo' and C 959 'Bourbon Vermelho' had also better vigor and were taller than the other progenies. Attention was

  9. VARIABILIDAD MORFOLÓGICA MEDIANTE CARACTERES DE SEMILLA DE POBLACIONES DE Amelanchier denticulata (Kunth Koch, ORIGINARIAS DE GUANAJUATO, MÉXICO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Miguel Ángel Hernández-Martínez

    2011-01-01

    Full Text Available El membrillo cimarrón (Amelanchier denticulata (Kunth Koch. es un arbusto frutal de la familia Rosaceae subtribu Pyrinae originario de México, del cual no existen estudios para conocer su diversidad ni su sistema reproductivo. Por estas razones y para tener un primer antecedente sobre su variabilidad morfológica, se caracterizaron seis poblaciones de A. denticulata originarias de Guanajuato, México, mediante caracteres de semilla. Todas las poblaciones presentaron alta variabilidad intra e interpoblacional. Las variables de semilla analizadas fueron discriminantes para distinguir las diferentes poblaciones, siendo las más importantes las relacionadas con las de tamaño de las semillas, seguidas de las de forma. El grado de apomixis no es claro en esta especie debido a la alta variación intrapoblacional; por lo tanto, se necesitan estudios más detallados para concluir la existencia o no de apomixis en A. denticulata.

  10. Variabilidad genética en géneros de ciervos neotropicales (Mammalia: Cervidae según loci microsatelitales

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Manuel Ruiz-García

    2009-09-01

    Full Text Available Los programas de conservación de especies se apoyan fuertemente en estudios de genética poblacional. En el presente estudio, reportamos diversos análisis genéticopoblacionales en ocho especies de cérvidos neotropicales (Mazama americana, M. gouzaoubira, M. rufina, Odocoileus virginianus, Hippocamelus antisensis, Pudu mephistopholes, Ozotoceros bezoarticus y Blastoceros dichotomus y, adicionalmente, en varias especies de cérvidos europeos y asiáticos (Cervus elaphus, C. nippon, Capreolus capreolus, C. pygargus and Dama dama. Una de esas especies europeas, la población de Cervus elaphus en Escocia, fue tomada como una población con un grado muy elevado de diversidad genética ya que proviene del cruce de diferentes grupos de ciervos rojos procedentes de diversas subespecies de la Europa continental. Desde una perspectiva de una diversidad genética depauperada, se tomó el nivel encontrado en una población de ciervos sika (Cervus nippon en Escocia, que prácticamente no mostró variabilidad a nivel molecular. Respecto a esos dos casos que consideramos como de elevada y escasa variabilidad genética, encontramos que las poblaciones analizadas de Mazama americana, M. gouzaoubira y Odocoileus virginianus estuvieron cerca del límite máximo encontrado para el ciervo rojo escocés (H=0.64, 0.70 y 0.61, respectivamente, mientras que M. rufina mostró el más bajo grado de variabilidad genética de las especies neotropicales, cercano al extremo mínimo presentado por C. nippon. Algunas de las muestras de Mazama y de Odocoileus, tomadas a nivel macrogeográfico, mostraron un exceso de homocigotos debido, probablemente, a la existencia de efecto Wahlund (efecto de subdivisión. Ninguna de las especies analizadas parece haber atravesado un cuello de botella reciente.Genetic variability in Neotropical deer genera (Mammalia: Cervidae according to DNA microsatellite loci. Species conservation programs are highly based on analyses of population

  11. Variabilidad ambiental y recursos pesqueros en el Pacífico suroriental: estado de la investigación y desafíos para el manejo pesquero

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carolina Parada

    2013-03-01

    Full Text Available Las fluctuaciones en abundancia, biomasa, estructura de edad y patrones de distribución de los recursos pesqueros responden, entre otros, a la variabilidad ambiental. Estas respuestas son consecuencia tanto de efectos climáticos directos sobre los recursos como indirectos actuando sobre niveles tróficos relacionados. En este estudio se revisa: i el estado del conocimiento de los mecanismos físicos asociados a la variabilidad océano-atmósfera y las escalas de variabilidad espaciales y temporales del ambiente y la relación con recursos marinos, basados en datos observacionales y modelos hidrodinámicos, ii la relación ambiente-recurso para pesquerías pelágicas, demersales y bentónicas, y el uso de modelos biofísicos para entender estas relaciones, iii manejo actual de recursos pelágicos, demersales y bentónicos y los alcances en relación al uso de variables ambientales, y iv se discuten los desafíos hacia la asesoría en relación a las estrategias para mejorar la comprensión de la relación ambiente-recurso, así como, las estrategias para incorporar la modelación biofísica y variables ambientales en modelos operacionales para la asesoría hacia el manejo.

  12. Análisis de la Variabilidad Genética entre treinta accesiones de tarwi (Lupinus mutabilis Sweet usando marcadores moleculares ISSR

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Michelle C. Chirinos-Arias

    2015-01-01

    Full Text Available Con el fin de realizar el análisis de variabilidad genética inter-accesión de treinta accesiones de tarwi (L. mutabilis Sweet pertenecientes al Banco de Germoplasma del Instituto Nacional de Innovación Agraria (INIA. Se extrajo el ADN de 300 plantas, se construyeron bulks, se estandarizó el protocolo de amplificación de los marcadores moleculares Inter Simple Sequence Repeat (ISSR, de los cuales se eligió a los más polimórficos y nítidos para corrida en gel de acrilamida. Encontrándose 255 bandas con 8 iniciadores ISSR. El análisis de la variabilidad genética con estos iniciadores comprobó una alta variabilidad genética de las muestras en estudio. Observándose también un polimorfismo relativamente alto para una especie autógama como L. mutabilis. Finalmente los fenogramas mostraron una relación con la ubicación geográfica, posiblemente debido al flujo génico in situ debido al intercambio o venta de semillas en ferias o mercados aledaños a la zona de colecta.

  13. ANÁLISE ESPACIAL DA TEMPERATURA E DA PRECIPITAÇÃO MEDIA ANUAL NO ESTADO DE SÃO PAULO / SPATIAL ANALYSIS OF MEAN ANNUAL TEMPERATURE AND RAINFALL FOR THE SÃO PAULO STATE

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    SIDNEY R. VIEIRA

    2009-11-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi analisar a variabilidade espacial da temperatura e da precipitação média anual no Estado de São Paulo. Foram utilizados dados de 416 estações climatológicas, referente ao período de 1936 a 1992 e analisados dois parâmetros climatológicos (temperatura média anual e precipitação pluvial média anual. Os dados foram analisados por meio da estatística descritiva e dageoestatística, para posterior construção de mapas de variabilidade espacial. Os resultados evidenciam que a altitude (m e a temperatura média anual (ºC apresentaram baixos valores de efeito pepita enquanto que a precipitação pluvial média anual (mm apresentou um maior pra esseparâmetro. A temperatura média anual (ºC e a precipitação pluvial média anual (mm apresentaram periodicidade detectada por meio do semivariograma experimental. Os mapas de distribuição espacial evidenciam a influencia da altitude sobre os valores estimados por krigagem para temperatura médiaanual (ºC e precipitação pluvial média anual (mm.

  14. Caracterização espectral de áreas de gramíneas forrageiras infectadas com a doença "mela-das-sementes da braquiária" por meio de imagens CCD/CBERS-2 Spectral characterization of forage grasses infected with the disease "mela-das-sementes da braquiária" through CCD/CDBERS -2 images

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José C. Rosatti

    2006-12-01

    Full Text Available Imagens CCD/CBERS-2, nas bandas espectrais CCD2, CCD3 e CCD4, dos anos de 2004 e 2005, de Mirante do Paranapanema - SP, foram transformadas em reflectância de superfície usando o modelo 5S de correção atmosférica e normalizadas radiometricamente. O objetivo principal foi caracterizar espectralmente áreas de pastagens de Brachiaria brizantha em fase de florescimento, isentas e infectadas com a doença "mela-das-sementes da braquiária", possibilitando a sua detecção por meio da comparação entre os valores de reflectância de superfície denominada de Fator de Reflectância Bidirecional de Superfície (FRBS. Teve-se, também, o objetivo de avaliar a eficácia das imagens CCD/CBERS-2 para a obtenção de respostas espectrais de pastagens. Os dosséis sadios e doentes da Brachiaria brizantha foram identificados por meio da análise dos valores de reflectância e dos dados observados no Índice de Estresse Hídrico Acumulativo Relativo da Cultura (ACWSI obtidos na área de estudo. Os resultados indicaram que as principais diferenças foram a diminuição da reflectância na banda CCD3 e o aumento da reflectância na banda CCD4 nas áreas doentes. A metodologia empregada com o uso de dados do sensor CCD/CBERS-2, associados ao ACWSI, mostrou-se eficaz para discriminar dosséis infectados com a "mela-das-sementes da braquiária".CCD/CBERS-2 images in the spectral bands of CCD2, CCD3 and CCD4 of the years 2004 and 2005, from Mirante do Paranapanema - SP (Brazil, were transformed into surface reflectance images using the 5S atmospheric correction model and radiometrically normalized. The main objective was to spectrally characterize pastures of Brachiaria brizantha in the flowering phase, exempt and infected with the disease "mela-das-sementes da braquiária" making it possible its detection through the comparison among the SBRF - Surface Bidirectional Reflectance Factor values. At the same time, it was aimed to evaluate the effectiveness of the

  15. Isozymic variability in a Brazilian collection of annatto (Bixa orellana L. Variabilidade isoenzimática em uma coleção brasileira de urucum (Bixa orellana L.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jane Fiuza Rodrigues Portela de Carvalho

    2005-07-01

    Full Text Available The objectives of this work were to optimize the isozyme electrophoresis technique for Bixa orellana, and use isozyme markers for a preliminary survey on the genetic variability in Brazilian annatto germplasm accessions. Collection consisted of seed samples from sixty open pollinated trees, representing two Northern and four Southern geographic provenances. The extraction, electrophoresis, and interpretation of annatto isozymes are described. Three out of the twenty-one identified isozyme loci were polymorphic in the collection. The percentage of polymorphic loci (P = 21.05 and the expected heterozygosity in annatto (H T = 0.064 were low, compared to other tropical woody species. A UPGMA phenogram, constructed with Nei's genetic distances, clearly separated the germplasm provenant from North and Central Brazil. Variability was significantly higher among the accessions from Maranhão. A sharp genetic differentiation was detected between accessions from Maranhão and Pará States, despite their geographical proximity. The distinctive isozyme polymorphism, observed in the accessions from Maranhão, together with reports on local morphological heterogeneity in annatto fruit shape, color, and pubescence, calls for more detailed genetic and taxonomic investigation.Os objetivos deste trabalho foram: otimizar a técnica de eletroforese de isoenzimas para Bixa orellana, e usar marcadores isoenzimáticos para um estudo preliminar da variabilidade genética, presente em uma coleção de germoplasma de urucum. Foi estudada uma coleção de amostras de sementes oriundas de 60 indivíduos de polinização aberta, que representam duas procedências do Norte e quatro do Sul do Brasil. São descritas a extração, a eletroforese e a interpretação de isoenzimas de urucum. Três, dos vinte e um locos isoenzimáticos identificados, foram polimórficos na coleção examinada. A porcentagem de locos polimórficos (P = 21,05 e a heterozigosidade esperada em urucum

  16. Variabilidade genética e efeito do ambiente para o teor de proteína em grãos de feijão = Genetic variability and environmental effect for protein content in common bean grains

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliana Sawada Buratto

    2009-10-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar a variabilidade genética, o efeito ambiental e a estabilidade para o teor de proteína em grãos. Na safra da seca 2006, foram conduzidos dois experimentos, um para o grupo comercial carioca e outro para o grupo preto, em três locais do Estado do Paraná. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos casualizados com três repetições e parcelas constituídas de quatro linhas de 5 m, espaçadas 0,50 m. Na maturidade fisiológica, retiraram-se amostras de 200 g de grãos de cada parcela experimental; estas foram armazenadas em câmara fria até a realização das análises do teor de proteína. A análise de variância conjunta revelou efeito significativo do genótipo, do ambiente e da interação genótipo porambiente. Estes resultados indicam a existência de variabilidade genética entre as cultivares e linhagens de feijão estudadas e que esses genótipos comportaram-se de maneira diferenciada nos diferentes ambientes onde foram avaliados. Os genótipos de feijão que resentaram maiores teores médios de proteína, ampla adaptabilidade e alta estabilidade de comportamento foram: FT120, FT Soberano, Xamego e LP99-96 (grupo preto; BRS Pontal, FT Magnífico, IAC Tibatã,IAPAR 81, IPR Juriti e Pérola (grupo carioca.The objective this study was to evaluate the genetic variability,environmental effect and stability for the protein content in common bean grains. Two experiments were conducted: one for the carioca group and another for the black group, during the dry season of 2006, in three locations in the state of Paraná. A completely randomized block design was used, with three replications and plots consisting of four rows with 5 m, spaced 0.50m apart. Two-hundred-gram samples were collected from each plot at physical maturity. The grain samples were stored in a cold chamber. A joint analysis of variance showed significant genotype,environment and genotype-environment interaction effects. These

  17. Processos de substituição e variabilidade articulatória na fala de sujeitos com dispraxia verbal Substitution processes and articulatory variability in the speech of subjects with verbal dyspraxia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Inaê Costa Rechia

    2009-01-01

    Full Text Available O objetivo do presente estudo foi analisar o papel das variáveis linguísticas na ocorrência dos processos de substituição na fala de sujeitos com dispraxia verbal (DV. Para isso, foi realizada a análise fonológica de sete sujeitos com idades entre 2:6 (anos:meses e 4:2, com hipótese diagnóstica de DV. As ocorrências dos processos de substituições usuais e idiossincráticas, de assimilações e de variabilidade articulatória foram analisadas estatisticamente por meio do pacote computacional VARBRUL. A variável extensão da palavra foi estatisticamente significante para a ocorrência de assimilações e substituições não usuais, indicando que as variantes trissilábicas e polissilábicas foram as maiores favorecedoras de ocorrência desses processos. A tonicidade foi estatisticamente significante para a ocorrência da variabilidade articulatória e substituições usuais, sendo que o processo apresentou maior probabilidade de ocorrência em sílaba tônica e pós-tônica (sílabas dentro do pé métrico do acento, respectivamente. A classe de sons foi significativa para a realização de substituições usuais pelos sujeitos estudados, ocorrendo quando os segmentos são fonemas líquidos e fricativos. Por fim, a estrutura silábica foi estatisticamente significante para as substituições idiossincráticas. As posições de coda final e de onset simples medial foram as mais suscetíveis à ocorrência do processo. Os dados desta pesquisa sugerem que as substituições, de uma forma geral, tendem a ocorrer em palavras com mais de duas sílabas, em alvos líquidos e fricativos, dentro do pé-métrico do acento (em tônica e pós-tônica, em posição de onset simples medial e coda final.The aim of the present study was to analyze the role of linguistic variables in the occurrence of substitution processes in the speech of subjects with verbal dyspraxia (VD. Therefore, it was carried out the phonological analysis of the speech of

  18. Variabilidade genética e estimativas de herdabilidade para o caráter germinação em matrizes de Albizia lebbeck Genetic variability and heritability estimates for the germination trait in Albizia lebbeck parent trees

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Flávio Luiz Hilário Rego

    2005-10-01

    Full Text Available Em áreas rurais, buscam-se espécies arbóreas que apresentem rápido crescimento, habilidade para fixar nitrogênio e melhorar a estrutura do solo, especialmente em locais degradados, tendo usos múltiplos e facilidade para consórcio com culturas agrícolas. A Albizia lebbeck apresenta essas características. O presente estudo avaliou a variabilidade genética e estimou parâmetros genéticos em progênies de albizia para o caráter germinação. Sementes de 26 matrizes da espécie foram coletadas no município de Campo Grande, MS. Os testes de superação da dormência e germinação foram realizados no laboratório de Botânica da Universidade Católica Dom Bosco. O delineamento experimental foi o de blocos ao acaso, com cinco repetições e 15 plantas. As estimativas de herdabilidade no sentido amplo foram de 0,43 para indivíduos e 0,79 para média de matrizes, sugerindo expressivo controle genético. A seleção das 10 melhores matrizes proporcionou ganho genético de, pelo menos, 8,1%. Este germoplasma pode ser usado em programa de melhoramento genético para a espécie.Fast growing and nitrogen fixing forest trees species play an important role in rural areas, mainly in degraded lands, where they provide multiple purposes and facilities for intercropping with other crops. Albizia lebbeck is one of such species. This paper aimed at estimating the genetic variability for germination in a progeny test of this species. Seeds from 26 parent trees were collected in a site located at Campo Grande, MS. The germination tests were performed in the UCDB University under a randomised complete block design with five replications and 15 plants per plot. The broad sense heritability estimates were 0.43 and 0.79 at individual and parent tree mean levels, respectively, which denotes a moderate to high genetic control. Selection of the best 10 parents provided a genetic gain of 8.1%. This genetic resource can be used in a genetic improvement program for

  19. Variabilidade genética em algumas criações comerciais brasileiras de escargots (Helix aspersa, Müller, 1774 Genetic variation at eight isoenzyme loci in subpopulations of the edible snail (Helix aspersa, Müller, 1774

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    B.F. Vasconcellos

    2006-04-01

    Full Text Available Descreveram-se os marcadores isoenzimáticos e estimou-se a variabilidade genética de 20 subpopulações brasileiras de escargots (Helix aspersa. O estudo dos oito locos foi feito por eletroforese em gel de amido, em amostras com 30 indivíduos cada, obtidas em criatórios dos estados de Santa Catarina, São Paulo e Rio de Janeiro (uma, duas e 17 amostras, respectivamente. Observou-se polimorfismo nos locos das enzimas LAP, 6-PGD, PEP 2, PEP 1 e MDH, com três alelos nos três primeiros locos e dois nos demais. Os locos da ME, da SOD e da PGI apresentaram-se monomórficos. As freqüências gênicas de sete amostras ajustaram-se ao modelo de Hardy-Weinberg (PIn order to assess genetic variability in subpopulations of Helix aspersa, eight isoenzyme loci in 30 individuals in each of 20 subpopulations, obtained from breeders in Santa Catarina (1, São Paulo(2 and Rio de Janeiro (17 states of Brazil, were examined. Polymorphic loci included LAP, 6-PGD, PEP 2, PEP 1 and MDH, with three alelles at each of the first three loci and two at each of the others. The ME, SOD and PGI loci were monomorphic. Gene frequencies in 7 of 20 subpopulations were consistent with the Hardy-Wienberg equilibrium (P<0.05, and 6 were consistent with Wright model, indicating that these subpopulations did not meet requirements for genotypic equilibrium to be achieved. Despite the fact that some F values were high, F IS and F IT were not significantly different from zero (P³0.05. Although small, the F ST value (0.0485 was significant, suggesting small differences among populations. Most of the low genetic variation at isoenzyme loci was observed within subpopulations rather than among subpopulations, suggesting a small genetic basis for these samples. Estimated genetic distances among pairs of subpopulations also were low.

  20. Variabilidade genética de acessos de pitaya com diferentes níveis de produção por meio de marcadores RAPD Pitaya accesses genetic variability with different pruduction levels through RAPD markers

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Keize Pereira Junqueira

    2010-09-01

    Full Text Available A espécie de pitaya mais cultivada atualmente é Hylocereus undatus, a pitaya-vermelha-de-polpa-branca. Colômbia e México são os principais produtores mundiais e, devido à sua rusticidade, a pitaya é considerada uma alternativa potencialmente viável também para o aproveitamento de solos pedregosos, arenosos e maciços rochosos. Apesar da crescente demanda, ainda não há uma cultivar lançada no mercado que atenda às necessidades climáticas de produção e às exigências do consumidor brasileiro. O presente trabalho é parte do programa de seleção e melhoramento da pitaya CPAC PY-01 da Embrapa Cerrados. Objetivou-se realizar o estudo da variabilidade genética de 16 acessos de pitayas mantidos na coleção de germoplasma da Embrapa Cerrados, apresentando diferentes características fenotípicas relacionadas especialmente à produção, por meio de marcadores moleculares RAPD (Random Amplified Polymorphic DNA. O DNA genômico de cada acesso foi extraído, e onze iniciadores decâmeros foram utilizados para a obtenção de marcadores moleculares RAPD, que foram convertidos em matriz de dados binários, a partir da qual foram estimadas as distâncias genéticas entre os acessos e realizadas análises de agrupamento e de dispersão gráfica. Foram obtidos 111 marcadores RAPD, perfazendo uma média de 10,1 marcadores por primer, dos quais 45 (40,54% foram polimórficos. As distâncias genéticas entre os 16 acessos variaram entre 0,006 e 0,148. As maiores distâncias genéticas foram obtidas entre os acessos "52" e "61", sendo que, em 2007, o primeiro produziu mais de 25 frutos, e o segundo, nenhum. Assim, deduz-se que, nesse caso, a próvável causa da variação seja genotípica. As menores distâncias genéticas foram constatadas entre os acessos "63"e "55" e entre "19"e "59". Os dois grupos apresentaram valores de produção próximos. Os marcadores moleculares RAPD mostraram que, mesmo dentro da mesma espécie, há variabilidade gen

  1. Fórmula de valoração racional (RVF e variabilidade no tempo das taxas de retornos de ativos Rational valuation formula (RVF and time variability in asset rates of return

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alexandre Ripamonti

    2013-04-01

    Full Text Available O relacionamento de longo prazo e o correspondente mecanismo de correção de erros no curto prazo, entre dados agregados de preço e dividendos, é estudado no presente trabalho, através dos conceitos de fórmula de valoração racional e cointegração variante no tempo, e sob o referencial da teoria das expectativas racionais e de movimentação de preços de Muth (1961, para se supor a variabilidade das taxas de retorno de ativos, testando as hipóteses nulas de mecanismos de correção de erros dos vetores de cointegração constantes no tempo e de desigualdade entre valor fundamental e preço da ação. As séries obtidas foram as disponibilizadas por Shiller (2005 e se referem aos dados agregados de preço e dividendos do mercado acionário norte-americano, no período de 1871 a 2010. Os dados foram analisados através dos modelos de cointegração de Johansen, com a utilização de variáveis restritas decorrentes da combinação das variáveis estudadas com o polinômio temporal de Chebyshev, como proposto por Bierens e Martins (2010. Os resultados indicam a rejeição da hipótese nula de constância dos vetores de cointegração e, ainda, a não rejeição da hipótese nula de desigualdade entre valor fundamental e preço da ação. Tais resultados são consistentes com os obtidos por Bierens e Martins (2010 e não consistentes com a teoria das expectativas racionais de Muth (1961. Conclui-se, portanto, que os investidores possuem diferentes expectativas de retorno para diferentes períodos futuros, que os resultados sugerem a validação do modelo utilizado e que existe a possibilidade da ocorrência de movimentos especulativos suportados pela racionalidade ou bolhas especulativas racionais.The present study examines the long-term relationship between aggregate price and dividend data and the corresponding mechanism for shortterm error correction using the rational valuation formula and time-varying cointegration and based on Muth

  2. Variabilidade espacial do pH, Ca, Mg e V% do solo em diferentes formas do relevo sob cultivo de cana-de-açúcar Spatial variability of the pH, Ca, Mg and V% of the soil in different forms of the landscape under sugarcane crop

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Zigomar Menezes de Souza

    2004-12-01

    Full Text Available Em uma paisagem natural, os solos apresentam uma ampla variação dos atributos químicos, tanto vertical como horizontal, resultante da interação dos diversos fatores de formação envolvidos. Este trabalho foi desenvolvido em Guariba-SP, com o objetivo de avaliar a variabilidade espacial do pH, cálcio (Ca, magnésio (Mg e saturação por bases (V% em um Latossolo Vermelho eutroférrico sob cultivo de cana-de-açúcar, utilizando-se métodos da estatística clássica, análise geoestatística e técnica de interpolação de dados, com a finalidade de observar padrões de ocorrência destes atributos na paisagem. No terço inferior da encosta, após análise detalhada da variação do gradiente do declive, caracterizaram-se dois compartimentos (I e II, sob os quais os solos foram amostrados nos pontos de cruzamento de uma malha, com intervalos regulares de 50m, perfazendo um total de 206 pontos, nas profundidades de 0,0-0,2m e 0,6-0,8m. Os maiores alcances foram observados na profundidade de 0,0-0,2m para todos os atributos estudados, com exceção do cálcio que apresentou comportamento inverso, refletindo os efeitos do maior grau de intemperismo e do manejo na variabilidade natural dos solos. Pequenas variações, nas formas do relevo, condicionam variabilidade diferenciada para os atributos químicos.In a natural landscape soils present a wide variation of the chemical attributes at vertical and horizontal directions, which is result of the interaction among several soil formation factors. This work was developed in Guariba-SP with the objective of evaluating the spatial variability of pH, calcium (Ca, magnesium (Mg and base saturation (%BS in an oxisol under sugarcane cultivation, being used statistical classic methods, geostatistics analyses and interpolation techniques. After detailed analysis of the variation of the gradient of slope, at the lowest third of the hillside, two compartments (I and II were distinguished under which the

  3. Análises da precipitação pluvial no Estado da Paraíba com base na teoria da entropia Use of entropy theory in analysis of rainfall and air temperature

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vicente de P. R. da Silva

    2003-08-01

    Full Text Available Os dados diários de precipitação pluvial de 58 postos pluviométricos do Estado da Paraíba e de temperatura média diária de Campina Grande, PB, foram utilizados para avaliar a variabilidade espacial e temporal da precipitação pluvial, com base na teoria da entropia. Analisou-se, também, a variabilidade temporal da temperatura do ar em Campina Grande, com base nessa mesma teoria. Os resultados evidenciaram que a entropia é alta em locais com intensa precipitação, e baixa quando ocorrem, nesses locais, baixos índices pluviométricos; conseqüentemente, nos períodos chuvosos a entropia é alta e, nos períodos de estiagem, é mínima. Este trabalho evidencia, ainda, que qualquer série temporal de entropia decresce exponencialmente com o aumento do seu desvio-padrão.The objective of this study was the evaluation of the rainfall variability in Paraíba state. Daily rainfall observed from a network of 58 rain gauges in Paraíba State and mean daily temperature observed at Campina Grande weather station were analyzed using entropy theory. The results showed that rainfall entropy is high in localities and periods with high rainfall values and is low in localities and periods with low rainfall values. Maximum values of rainfall entropy occurred in the rainy period and minimum values occurred in the dry period. However, the entropy of the temperature time serie was constant, with maximum value of 8.53 bits. This study shows that for any time series the entropy decreases exponentially with increase of standard deviation.

  4. Variabilidade em matrizes de acessos de espinheira-santa Variability in matrices of espinheira-santa accessions

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Márcio Paim Mariot

    2008-04-01

    Full Text Available Maytenus ilicifolia e M. aquifolium são espécies nativas do Brasil, popularmente conhecidas como espinheira-santa, sendo indicadas para gastrite e para úlcera estomacal. A Embrapa Clima Temperado e a Universidade Federal de Pelotas (UFPel mantêm um banco de germoplasma destas espécies. Com o objetivo de identificar a variabilidade fenotípica para alguns caracteres morfológicos em matrizes de espinheira-santa, estimar a dissimilaridade e agrupar os acessos através de análises multivariadas, 105 acessos foram caracterizados morfologicamente. Foram avaliados os caracteres comprimento e largura de fruto, número de sementes por fruto, comprimento e largura de folha, relação comprimento/largura de folha e número de espinhos por folha. Foi estimada a distância euclidiana e os acessos foram agrupados pelo método de otimização de Tocher. Foi observada uma ampla variabilidade para todos os caracteres analisados. O número de espinhos por folha foi o caráter que mais contribuiu para a divergência. Os caracteres morfológicos permitiram separar os acessos em sete grupos. A maior dissimilaridade foi entre os acessos 57 (M. ilicifolia e 91 (M. aquifolium. Não foi evidenciada uma separação de acordo com a localização geográfica dos acessos. Na análise de agrupamento foram identificados dois grupos que apresentavam tanto acessos de M. ilicifolia quanto de M. aquifolium, o que indica proximidade filogenética entre estas espécies.Maytenus ilicifolia and M. aquifolium are native Brazilian species popularly known as espinheira-santa, being indicated for gastritis and stomach ulcer. Embrapa Clima Temperado and Universidade Federal de Pelotas (UFPel keep a gene bank of these species. With the objective of identifing phenotypic variability for some morphological characters in matrices of espinheira-santa, estimating dissimilarity and clustering accessions through multivariate analysis, 105 accessions had been morphologically characterized

  5. Interferência da fração mineral na estimativa do grau de humificação da matéria orgânica em agregados organominerais por ressonância paramagnética eletrônica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    C. Bayer

    2000-03-01

    Full Text Available A concentração de radicais livres semiquinona (CRLS, determinada por ressonância paramagnética eletrônica (EPR, é considerada um índice do grau de humificação, sendo uma importante determinação em estudos qualitativos da matéria orgânica do solo. Neste trabalho, avaliou-se a interferência da fração mineral na quantificação da CRLS em agregados organominerais 20-53, 2-20 e < 2 ∝m de Podzólico Vermelho-Amarelo, Podzólico Vermelho-Escuro e Latossolo Roxo. A CRLS foi determinada pela área do sinal, estimada pela aproximação intensidade do sinal (I, em cm, multiplicada pela sua largura de linha ao quadrado (∆H², em Gauss. Os parâmetros espectrais I e ∆H foram obtidos em espectros de EPR com e sem interferência da fração mineral. No Podzólico Vermelho-Amarelo e no Podzólico Vermelho-Escuro, foram detectados dois sinais de radicais livres, um com um valor g 2,004 e largura de linha de 5-6 G, típico de radicais livres semiquinona, outro com um valor g 2,000 e largura de linha de 2-3 G, associado à fração mineral, especificamente ao quartzo (SiO2, como confirmado posteriormente por análise de amostra purificada. Nestes solos, a interferência da fração mineral na obtenção dos parâmetros I e ∆H resultou num erro na estimativa da CRLS de -7 a +488%, comparativamente às quantificações realizadas a partir dos espectros sem interferência da fração mineral. No Latossolo Roxo, os altos teores de Fe3+ não permitiram detectar os sinais dos radicais livres semiquinona por causa da sobreposição dos sinais do metal. A eliminação da interferência da fração mineral demonstrou ser um pré-requisito fundamental no estudo da matéria orgânica por EPR em agregados organominerais, para a qual são sugeridos alguns procedimentos alternativos.

  6. Variabilidad espacial y temporal de larvas de jurel Trachurus murphyien el Perú entre 1966 –2010

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patricia Ayón

    2013-10-01

    Full Text Available El análisis espacial y temporal de larvas de jurel Trachurus murphyien el mar peruano entre los años 1966 y 2010 confirma su presencia constante durante todo el periodo estudiado. En general, en este periodo la abundancia de larvas de jurel T. murphyimuestra una tendencia ligeramente ascendente destacándose cambios en la distribución espacial y una alta variabilidad interanual, con cortos periodos de alta abundancia promedio, intercalados con periodos más prolongados y de baja abundancia. El promedio anual estimado varió entre 3 y 79 larvas/ m2 . La distribución espacial presentó tres periodos importantes: uno con mayores densidades de larvas al sur de los 14°S, entre 1970 y 1979; cambió hacia el norte de esta latitud, entre 1980 y 1999; y otro de mayor densidad al sur de los 18°S, en el último periodo 2000 – 2010. Los centros de gravedad de la distribución de larvas presentaron tres periodos muy notorios: fueron más costeros hacia el sur de los 14°S, entre 1966 y1978; más oceánicos y al norte de los 14°S, entre 1979 y 1994; y con una posición intermedia entre 1995 – 2010. Se discute la relación entre la distribución de las larvas con las variables oceanográficas y la distribución de T. murphyiadultos y juveniles, además se destaca que el mar del Perú es un centro principal y permanente de actividad reproductiva de esta especie.

  7. Nuevos resultados del estudio del sitio Ajej I: un aporte a la variabilidad de estrategias de los canoeros fueguinos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ernesto Luis Piana

    2008-12-01

    Full Text Available El estudio del sitio Ajej I, ubicado cronológicamente entre 1300 y 1400 años AP, es resultado de una excavación de rescate realizada en la costa norte del Canal Beagle. La región fue ocupada desde el séptimo milenio AP por cazadores-recolectores litorales. Los análisis realizados permiten postular que el sitio se caracteriza por: a una baja recurrencia de ocupación; b la selectividad de caza de pinnípedos frente a otros recursos; c su representación diferencial de partes anatómicas y d una baja variabilidad actividades realizadas con el instrumental lítico. Asimismo, proveyó una fecha temprana para la presencia del arco y la flecha en la región austral. Los resultados permiten discutir sobre la diversidad de estrategias implementadas por los cazadores-recolectores canoeros.The study of the archaeological site Ajej I dated between 1300 and 1400 BP is the result of a rescue excavation carried out in the northern coast of the Beagle Channel, an area peopled by sea littoral hunter-gatherers since the seventh millennium BP. The analyses results pinpoint that the site is characterized by: a a low redundant occupation; b a selectivity of the pinnipeds as preys; c a differential distribution of their anatomical parts; and d a low diversity of activities carried with the lithic instruments. Besides, these studies provided an early date to the presence of bows and arrows in such an austral region. Results enable to discuss on the variability of the strategies carried on by those sea nomads.

  8. Uma análise da ciclicidade da política fiscal brasileira

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sérgio Ricardo de Brito Gadelha

    2013-12-01

    Full Text Available Uma vasta literatura teórica e empírica afirma que a política fiscal nos países em desenvolvimento é pró-cíclica, enquanto que em nações industrializadas a política fiscal é anticíclica ou acíclica. Utilizando dados mensais, macroeconômicos e fiscais, abrangendo o período de março de 2002 a julho de 2011, os resultados obtidos a partir de estimações GMM, em modelos estáticos e dinâmicos, indicam comportamento pró-cíclico da política fiscal brasileira, onde as teorias sobre variabilidade da base tributária, corrupção e economia informal contribuem para explicar esse comportamento. Todavia, a teoria sobre restrição ao crédito internacional não encontra respaldo empírico no período analisado.

  9. Uso da Geoestatística no Estudo da Relação entre Variáveis Dentrométricas de Povoamentos de Eucalyptus sp. e Atributos do Solo / Geostatistics Applied to the Study of the Relationship Between Dendometric Variables of Eucalyptus sp. Populations and Soil Attributes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tais Moreli Cambahuva Rufino

    2006-10-01

    Full Text Available A presente pesquisa tem o objetivo de avaliar a aplicação de uma metodologia empregando técnicas de geoestatística e geoprocessamento para o mapeamento da variabilidade espacial do potencial produtivo e atributos do solo em dois projetos com clones de Eucalyptus sp. oriundos de plantações comerciais pertencentes à VCP. A partir de dados dendrométricos e de análise química e física do solo, foram gerados mapas de krigagem. Foi utilizada a Krigagem Ordinária exponencial, adotando a interferência entre os pontos como sendo a metade da maior distância entre seus pontos extremos. Com os mapas de Krigagem foi possível observar nos dois projetos uma relação entre as variáveis dendrométricas. De maneira geral não foi observada uma boa correlação entre os mapas de krigagem das variáveis de solo e das variáveis dendrométricas. O emprego da análise geoestatística combinada a técnicas de geoprocessamento, mostrou-se eficaz para mapear a variabilidade espacial da produtividade da população e os atributos do solo. Portanto, recomendasse o emprego desta ferramenta nos procedimentos de Inventário Florestal.

  10. Desempenho agronômico da cultura do girassol em diferentes condições edafoclimáticas do Sudeste paranaense

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria de Fátima dos Santos Ribeiro

    2011-01-01

    Full Text Available O objetivo do presente trabalho foi quantificar as faixas de rendimentos acessíveis em diferentes condições edafoclimáticas do Sudeste paranaense e hierarquizar os fatores relacionados à variabilidade dos rendimentos observados. Foram avaliadas 26 situações culturais em 13 estabelecimentos familiares, em 2007 e 2008. As variáveis de componente do rendimento e estado nutricional da cultura foram determinadas pela coleta de dados em campo, e as variáveis de estado hídrico foram estimadas com o uso de um modelo de simulação do balanço hídrico. Estas foram analisadas pela Análise de Componentes Principais, classificando-se, posteriormente, as observações pela Análise de Agrupamento. Foram utilizadas as cultivares BRS 122, CATISSOL e Helio 250. Foram grupados os valores de rendimento de aquênios em três classes, segundo os seguintes valores médios: rendimentos altos: 1995 kg ha-1; rendimentos médios: 1359 kg ha-1; rendimentos baixos: 961 kg ha-1. Os valores de rendimento de óleo também foram agrupados nas seguintes classes, segundo os seguintes valores médios: rendimentos altos: 927 kg ha-1; rendimentos médios: 543 kg ha-1; rendimentos baixos: 423 kg ha-1. A variabilidade dos rendimentos (aquênios e óleo foi explicada pela variabilidade no número de aquênios por capítulo. Em 2008, a variabilidade no número de aquênios por capítulo esteve correlacionada à deficiência hídrica em R1-R4 e R4-R6 e aos teores de Ca, B e P no tecido foliar. Ocorreu inibição competitiva entre K e Mg, porém este fenômeno não esteve correlacionado à variabilidade do número de aquênios por capítulo. Ocorreu estresse hídrico durante o enchimento de aquênios, porém este não explicou a variabilidade no rendimento de aquênios e de óleo.

  11. Actividades socioeconómicas en el Parque Nacional Isla del Coco, Costa Rica y posibles efectos de la variabilidad climática

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mary Luz Moreno-Díaz

    2012-11-01

    Full Text Available Las actividades socioeconómicas y sus ingresos en el Parque Nacional Isla del Coco han sido poco evaluados y sistematizados, al igual que los efectos que sobre ellos pueda tener la variabilidad climática. empleó una metodología que combina análisis de conglomerados con una dinámica de valor agregado en una cadena productiva, para identificar las actividades socioeconómicas más importantes y cuantificar los ingresos que obtienen por la existencia del PNIC, además se analizó los posibles efectos de la variabilidad climática sobre estas actividades. Para lo anterior, se realizó una revisión bibliográfica detallada, consulta con empresarios, investigadores y turistas. Se obtuvo que los principales conglomerados de actividades alrededor del PNIC son la recreación y la vivencia espiritual, la investigación, las actividades económicas y la gestión y manejo del Parque. Se realizó una aproximación de las contribuciones de la existencia del PNIC en estos cuatro conglomerados en el 2010, y se obtuvo que la contribución el ámbito nacional fue de US$5.7 millones de dólares, el internacional de US$2.5 millones de dólares, el global del PNIC ascendió aproximadamente a US$8.3 millones de dólares. También se obtuvo que si los recursos naturales objeto de la visita de los turistas disminuyen debido a efectos de la variabilidad climática esto ingresos podrían disminuir en 30%.

  12. Variabilidad genética de Aedes aegypti en algunas áreas del Perú usando Single Stranded Conformational Polymorphism (SSCP

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nélida Leiva G

    2004-07-01

    Full Text Available Aedes aegypti es el vector responsable de la transmisión del virus del dengue, su distribución geográfica se ha ampliado rápidamente debido principalmente a la intervención de los seres humanos. Objetivo: Analizar la variabilidad genética de este mosquito mediante la comparación del Segundo Espaciador Transcrito Interno (ITS 2 perteneciente al ADN ribosomal (rADN. Materiales y Métodos: Se analizaron muestras de ocho localidades (Jaén, Tingo María, Iquitos, Lambayeque, el distrito de El Rimac, Sullana y Zarumilla y uno de la provincia de Huaquillas (Ecuador. El análisis de la variabilidad se determinó usando la técnica conocida como SSCP (Single Stranded Conformation Polymorphism. Resultados: El estudio muestra que existe variabilidad genética entre las poblaciones analizadas, principalmente entre las muestras localizadas en la costa del Perú (Zarumilla, El Rímac, Sullana y Huaquillas y las muestras del nororiente (Tingo María, Iquitos, Jaén y Lambayeque Conclusión: Se determinaron dos variantes genéticas entre las poblaciones de Aedes aegypti: Costeña y Nororiental, que probablemente provienen de dos ancestros diferentes y cuyo ancestro común sufrió de aislamiento por distancia. Se observó que no existe relación entre las distancias genéticas y las distancias geográficas indicando que la migración de estas poblaciones es el resultado de la intervención de los seres humanos que diseminan al vector y no por la migración activa del mosquito. Se plantea el papel de la Cordillera de los Andes en la migración y separación de las poblaciones de Aedes.

  13. Hipotensión arterial y variabilidad de la frecuencia cardiaca en pacientes embarazadas llevadas a cesarea bajo anestesia raquídea

    OpenAIRE

    Amaya Rios, Juan Carlos; Garcia Montaño, Nestor Ivan

    2015-01-01

    INTRODUCCION La hipotensión arterial por anestesia raquídea en embarazadas llevadas a cesárea es frecuente y deletérea para la madre y el feto, sin que a la fecha exista una herramienta clínicamente útil para predecirla. La variabilidad de la frecuencia cardiaca es una medida que estima la actividad del sistema nervioso autónomo y algunos estudio iniciales indican una posible utilidad como herramienta predictiva de hipotensión arterial en esta población. METODOLOGIA Se realizó un es...

  14. Variabilidad temporal de la fauna acompañante del camarón Farfantepenaeus notialis en el Golfo de Ana María, Cuba

    OpenAIRE

    Valdés, E.; Villafuerte, V.; Domínguez, H.; Pérez, A.

    2011-01-01

    Se analizó la diversidad de la fauna acompañante del camarón en la pesquería del Golfo de Ana María (plataforma suroriental cubana), en términos de la variabilidad temporal de los grupos taxonómicos que la integran y la abundancia relativa de las especies presentes, en particular de la ictiofauna. En el período 2002-2009, los peces fueron el principal integrante de la fauna acompañante del camarón en 82 %, seguido en orden por los crustáceos, moluscos, poríferos y equinodermos con...

  15. Variabilidad intraespecífica de cepas de Phytophthora palmivora Butler (Butler) aisladas de plantaciones de aguacatero (Persea americana Mill.) en Cuba

    OpenAIRE

    Machado, Maylen; Peña-Marey, Mabel; Alvarez, Alba; Díaz, Adriana; Zamora, Victoria; Coto, Orlando

    2013-01-01

    Se utilizaron en el estudio ocho cepas de Phytophthora palmivora Butler (Butler) obtenidas de jardines de aguacateros de la región occidental de Cuba, y se describieron los patrones de crecimientos de las colonias en medio agar papa dextrosa (PDA), agar zanahoria (AZ), agar jugo vegetal V8 (AV8) y agar malta (AM), así como los tipos de esporangios presentes. Se evaluó la variabilidad intraespecífica de los aislamientos en base a las dimensiones de los esporangios y de sus papilas. Las cepas m...

  16. Variabilidad de la frecuencia cardíaca como indicador de salud en el deporte: validación con un cuestionario de calidad de vida (SF-12)

    OpenAIRE

    Capdevila Ortís, Lluís; Rodas Font, Gil; Ocaña Mariné, Marta; Parrado Romero, Eva; Pintanel Bassets, Mónica; Valero Herreros, Montserrat

    2008-01-01

    Introducción y objetivo: El análisis de la variabilidad de la frecuencia cardíaca (VFC) se utiliza cada vez más en el ámbito de la medicina del deporte para evaluar la adaptación al entrenamiento de los deportistas. Nuestro objetivo es validar el análisis de la VFC como indicador de salud, comparando los parámetros de VFC con las puntuaciones del SF-12 en una muestra de personas sanas. Método: Estudio experimental con 32 sujetos sanos, 18 varones y 14 mujeres (26,19 años de promedio). Se util...

  17. Variabilidad de la estancia media en pacientes hospitalizados en un hospital de Traumatología durante el año 2010

    OpenAIRE

    González Chordá, Víctor Manuel; Salas Medina, Pablo; Mena Tudela, Desirée

    2013-01-01

    Objetivos: El objetivo principal del estudio es conocer la estancia media hospitalaria y su variabilidad en relación con el motivo de ingreso, en una unidad de hospitalización de un hospital monográfico de Traumatología. (Unión de Mutuas. Castellón) Metodología: Estudio transversal, descriptivo, basado en datos administrativos, cuya población estuvo formada por todos los individuos que tuvieron algún episodio de hospitalización durante el año 2010, siendo este el criterio de inclusión, por or...

  18. VARIABILIDAD ESPACIAL DEL CARBONO EN UN SUELO DESPUÉS DE 10 AÑOS DE RETIRO E INCORPORACIÓN DE RESIDUOS DE COSECHA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    David Cristóbal Acevedo

    2015-07-01

    Full Text Available Determinar con exactitud el comportamiento del carbono orgánico del suelo, cuando se utilizan agroquímicos y se retiran los residuos de cosecha (manejo convencional, MC y cuando los residuos de cosecha se incorporan al suelo sin el uso de agroquímicos (manejo orgánico, MO tiene implicaciones ambientales y productivas. Para evaluar el efecto del MO y MC, sobre la densidad aparente del suelo (DAP, el carbono orgánico del suelo (COS y el carbono capturado por el suelo (CCS, se llevó a cabo un experimento en parcelas cultivadas con maíz durante 10 años. Al final de los 10 años se efectuó un muestreo sistemático con espaciamientos de 5 m; se tomaron 152 muestras en la parcela orgánica y 72 en la parcela convencional determinando la DAP, COS y CCS. Con los datos obtenidos se analizó el comportamiento de cada variable por medio de técnicas de estadística clásica y geoestadística. El MO presentó un mayor % de COS y cantidad de CCS, así como una menor DAP en comparación con el MC; aunque desde el punto de vista estadístico no se tuvo efecto significativo (P > 0.05 por estas prácticas. El MO incrementó la variabilidad estadística del COS y el CCS, y no afecto la variabilidad estadística de la DAP. La variabilidad espacial del COS y el CCS expresada mediante los semivariogramas y los mapas de isovalores coincidió con la variabilidad expresada por los coeficientes de variación, dados por la estadística clásica. La estructura espacial del COS y del CCS denotada por el semivariograma experimental, fue semejante para el MO y el MC. El MO provocó un incremento en la estructura espacial del COS y CCS y no tuvo efecto sobre la DAP.

  19. Aplicación del método Six-Sigma para reducir la variabilidad en un proceso de fabricación

    OpenAIRE

    Muñoz Castro, Marta

    2016-01-01

    El objetivo del proyecto es resolver la problemática derivada de la alta variabilidad de producción de un proceso industrial del sector de la producción de cables. Para llevar a cabo el proyecto se sigue la filosofía de mejora continua por excelencia: Six-Sigma. A modo introductorio se presenta la empresa, el proceso de producción completo del cable en el que se enmarca el subproceso que se estudia en el proyecto: el envasado. Este subproceso se detalla en más profundidad para una mejor co...

  20. Toxicidad del irinotecán en pacientes con cáncer colorrectal y variabilidad del gen UGT1A

    OpenAIRE

    Gayoso Rey, Mónica

    2012-01-01

    El cáncer colorrectal (CCR) ocupa el segundo lugar como causa de mortalidad por cáncer en la mayoría de los países desarrollados. El irinotecán es uno de los fármacos más empleados en la quimioterapia. Sin embargo, existe una variabilidad interindividual en la aparición de efectos adversos. Se han publicado diversos estudios que intentan correlacionar determinados polimorfismos genéticos con la toxicidad, mostrando discrepancias. Pocos de estos trabajos se han centrado en la población español...

  1. Aplicaci??n de los SIG para determinar la variabilidad espacial de par??metros de calidad del mosto de uva. Experiencia en la D.O. Bierzo

    OpenAIRE

    Rodr??guez P??rez, Jos?? Ram??n, 1968-; ??lvarez Taboada, Mar??a Flor; Peters, Stefan

    2008-01-01

    Los estudios tradicionales sobre par??metros de calidad del mosto abarcan grandes bloques de vi??edo y se centran en determinar la evoluci??n temporal de estas variables para decidir la ??poca de vendimia m??s adecuada. En este trabajo se propone una metodolog??a para el an??lisis de la variabilidad espacial de los par??metros del mosto y se exponen los resultados obtenidos en la DO Bierzo, para cuatro variedades diferentes de vid. Los resultados permiten identificar zonas homogeneas en cuant...

  2. Variabilidad genética del membrillo cimarrón (Malacomeles denticulata [Kunth] Jones) obtenida mediante marcadores Inter Secuencias Simples Repetidas o Intermicrosatélites (ISSR)

    OpenAIRE

    González-Cerritos, Daniela; Núñez-Colín, Carlos Alberto; Villordo-Pineda, Emiliano; Medina-Ramos, Gabriela; González-Chavira, Mario Martín

    2015-01-01

    Malacomeles denticulata es un fruto nativo de México al que recientemente se le ha encontrado características funcionales para proponerlo como una opción frutal. Esta investigación tuvo como objetivo elucidar la variabilidad de doce poblaciones de M. denticulata mediante marcadores Inter Secuencias Simples Repetidas o Intermicrosatélites (ISSR). Todos los ISSR presentaron altos valores en el Contenido de Información Polimórfica (PIC, por sus siglas en inglés) y el índice de diferenciación pob...

  3. Análise físico-química do óleo-resina e variabilidade genética de copaíba na Floresta Nacional do Tapajós Physico-chemical analysis of the oleoresin and genetic variability of copaiba in the Tapajós National Forest, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ederly Santos Silva

    2012-11-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi caracterizar o óleo-resina da copaíba (Copaifera reticulata e estimar, por meio de marcadores microssatélites, a variabilidade genética da espécie na Floresta Nacional do Tapajós, PA. A amostragem foi realizada em duas áreas, distanciadas de 5 km, em 136 árvores. A diversidade genética foi avaliada com seis marcadores microssatélites derivados de C. langsdorffii, e o óleo obtido de 30 árvores (15 de cada área foi caracterizado em termos físicos e químicos. O óleo C. reticulata apresenta aspecto líquido, fino, odor fraco e de coloração amarelo-dourada (73,3% das plantas, com viscosidade muito variável (18 a 187 Pa-s e densidade média de 0,975±0,049 g cm-3. O índice de acidez variou de 9,62 a 10,17 mg g-1 de KOH e o de saponificação de 100,63 a 109,84 mg g-1. A análise molecular identificou 78 alelos, com média de 13 por loco. A heterozigosidade esperada variou 0,59 a 0,85 (média de 0,75, com nível de endogamia de 0,375 a 0,419. Houve pouca diferenciação genética entre as populações das diferentes áreas de coleta (F ST = 0,030, mas a variabilidade foi maior entre os grupos genéticos detectados pelo programa Structure (F ST = 0,070. Essa maior variabilidade indica que não há ameaças à conservação genética da copaíba, em médio prazo.The objective of this work was to characterize the oleoresin of copaiba (Copaifera reticulata and to estimate genetic variability of the species in the Tapajós National Forest, PA, Brazil, using microsatellite markers. Sampling was performed in two areas, 5 km apart, in 136 trees. Genetic diversity was evaluated with six microsatellite markers derived from C. langsdorffii, and the oleoresin obtained from 30 trees (15 from each area was physically and chemically characterized. Oleoresin from C. reticulate has a liquid, thin aspect, with a weak odor and yellowish-gilded color (73.3% of the plants, highly variable viscosity (18 to 187 Pa-s, and mean

  4. Variabilidade de genótipos de milho quanto à composição de carotenoides nos grãos Variability of maize genotypes for grain carotenoid composition

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Wilton Soares Cardoso

    2009-02-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi caracterizar e avaliar a variabilidade quanto ao teor e perfil de carotenoides nos grãos de 134 genótipos de milho (Zea mays, com vistas à utilização em programas de biofortificação. Os materiais foram provenientes dos campos experimentais e do Banco Ativo de Germoplasma da Embrapa Milho e Sorgo, Sete Lagoas, MG. São cultivares e híbridos comerciais, linhagens-elite e outros acessos escolhidos com base na coloração amarelo-alaranjada do endosperma. A quantificação do teor de carotenoides totais, carotenos e xantofilas mono-hidroxilada e di-hidroxilada dos grãos foi realizada por método cromatográfico-espectrofotométrico. As médias encontradas nos grãos foram 22,34µ gg-1 de carotenoides totais, 2,55µ gg-1 de carotenos, 3,86µ gg-1 de xantofilas mono-hidroxiladas e 15,93µ gg-1 de xantofilas di-hidroxiladas. Os genótipos foram agrupados em 18 grupos pelo método de Tocher. O germoplasma da Embrapa possui potencial para ser usado em programas de desenvolvimento de linhagens de milho biofortificadas, quanto ao total de carotenoides pró-vitamina A.The objective of this work was to characterize 134 maize (Zea mays genotypes, for carotenoids content and build a genetic profile to facilitate future breeding to increase grain nutritional value (biofortification. Seeds came from experimental fields and from the Banco Ativo de Germoplasma of Embrapa Milho e Sorgo, Sete Lagoas, MG, Brazil. The genotypes were co mmercial hybrids, varieties, and inbred lines developed by the Embrapa biofortification program and other accessions, chosen for their yellow-orange endosperm color. Total grain carotenoids, carotenes, xanthophylls (monohydroxylates and dihydroxylates were determined by chromatographic-spectrophotometric methods. The detected averages were: 22.34µ gg-1 for total carotenoids, 2.55µ gg-1 for carotenes, 3.86µ gg-1 for monohydroxylated xanthophylls, and 15.93µ gg-1 for dihydroxylated xanthophylls

  5. Facial electroneurography in Bell's palsy: variability in the early stage and comparison between interpretation methods Eletroneurografia do nervo facial na paralisia de Bell: variabilidade na fase aguda e comparação entre técnicas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jovany Luis Alves de Medeiros

    1996-09-01

    Full Text Available To determine the variability of the abnormalities found in the electroneurography (ENG of the facial nerve in cases of Bell's palsy during the initial two week period was one of the objectives of the authors. A second one was to investigate the value of ENG as a tool to determine an early prognosis of recovery utilizing two different methods. In the first one the amplitude of the compound muscular action potential (CMAP obtained on the paralyzed side was compared to this potential on the opposite (normal side. The second method compared the CMAP on the paralyzed side to normal standardized data from normal individuals. A group of 33 patients with Bell's palsy was followed until total recovery or for at least 4 months, if the recovery was not achieved earlier. It was observed that amplitude of the CMAP become stable towards the sixth day of palsy and this is a good time to establish the prognosis. Another conclusion is that both methods were equivalent to determine the prognosis in Bell's palsy.O objetivo deste trabalho é determinar a variabilidade da eletroneurografia (ENG do nervo facial na paralisia de Bell durante as primeiras duas semanas e investigar o valor da ENG na determinação de um prognóstico precoce utilizando-se dois métodos diferentes. O primeiro método compara a amplitude do potencial de ação muscular composto obtido no lado paralisado com o lado normal e o segundo método compara o potencial de ação muscular composto obtido no lado paralisado com valores normativos. Um grupo de 33 pacientes com paralisia de Bell foi seguido até a recuperação total ou pelo menos por quatro meses nos casos em que não houve recuperação. Observou-se que a amplitude do potencial de ação muscular composto estabiliza-se em torno do sexto dia e que este é um bom momento para se realizar o exame e se estabelecer um prognóstico. Outra conclusão é que ambos os métodos são equivalentes para determinação prognóstica.

  6. VARIABILIDAD ESPACIAL DE LAS PROPIEDADES QUÍMICAS DEL EPIPEDÓN DE UN ANDISOL HIDROMÓRFICO DEL ORIENTE ANTIOQUEÑO (COLOMBIA SPATIAL VARIABILITY OF THE EPIPEDON CHEMICAL PROPERTIES IN AN HYDROMORPHIC ANDISOL FROM THE ANTIOQUIA EAST ( COLOMBIA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniel Francisco Jaramillo Jaramillo

    2008-12-01

    Full Text Available Se estudió la variabilidad espacial de algunas propiedades químicas del epipedón de un Andisol de régimen de humedad ácuico. La mayoría de las propiedades estudiadas presentó una dependencia espacial alta, con una variabilidad estructurada de más del 50% de la variabilidad total y con rango relativamente corto de 20 m en promedio, situación que puede estar reflejando una alta intensidad de uso y manejo del suelo en actividades agropecuarias como la aplicación de fertilizantes y enmiendas.The spatial variability of some chemical properties of the epipedon in an Andisol with aquic humidity regime was studied. The most properties presented a high spatial dependence (C/Sill>50% and a relatively short range average ( 20 m, possibly caused by the intensive use of soil that has involved the application of fertilizers and amendments.

  7. Variabilidade genética de acessos silvestres e comerciais de Passiflora edulis Sims. com base em marcadores RAPD Genetic variability of wild and commercial passion fruit (Passiflora edulis Sims. accessions using RAPD markers

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Graciele Bellon

    2007-04-01

    Full Text Available No Cerrado brasileiro, há uma grande diversidade de cores, tamanhos e aromas de frutos em acessos silvestres de P. edulis. Estes acessos também são importantes fontes de resistência a doenças, podendo ser incorporados em programas de melhoramento genético do maracujazeiro azedo. Neste trabalho, objetivou-se estimar a variabilidade genética existente em acessos silvestres e comerciais de P. edulis utilizando-se de marcadores RAPD. O DNA genômico de cada acesso foi extraído e amplificado com treze iniciadores decâmeros (OPD-04, OPD-07, OPD-08, OPD-16, OPE-18, OPE-20, OPF-01, OPF-14, OPG-05, OPG-08, OPH-04, OPH-12 e OPH-16 para a obtenção dos marcadores RAPD. Os marcadores obtidos foram convertidos em uma matriz de dados binários, a partir da qual foram estimadas as distâncias genéticas entre os acessos e realizadas análises de agrupamento e de dispersão gráfica. Um total de 187 marcadores foi gerado, sendo que apenas 28 (14,97% deles foram monomórficos. As distâncias genéticas entre os 15 acessos de maracujazeiro variaram de 0,091 a 0,496. Os marcadores moleculares demonstraram a alta variabilidade genética dos acessos de P. edulis, sendo que os acessos de frutos amarelos apresentaram maior distanciamento em relação aos de frutos roxos. Menores distâncias genéticas foram verificadas entre os acessos de mesma origem geográfica.There are a great diversity of colors, sizes and aromas of fruits in wild accessions of P. edulis in Brazilian Savannah. These accessions are also important resistance sources against illness which can be incorpored in passionfruit breeding programs. In this work, the objetive was to evaluate the genetic variability in wild and commercial P. edulis accessions using RAPD markers. The genomic DNA of each accession was extracted and amplified using thirteen decamer primers (OPD-04, OPD-07, OPD-08, OPD-16, OPE-18, OPE-20, OPF-01, OPF-14, OPG-05, OPG-08, OPH-04, OPH-12 and OPH-16 to obtain RAPD markers

  8. Relationship between variability of practice and variability of execution in flat tennis service Relación entre variabilidad de la práctica y variabilidad en la ejecución del servicio plano en tenis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    R. Menayo

    2010-12-01

    Full Text Available This study analyzes the relationship between the variability in the performance of the flat tennis service and its practice under variable conditions, taking as a starting point a predictive analysis of the instantaneous kinematic variables of the hand that holds the racket. Seventeen tennis players performed services under 8 practice conditions (rackets and balls were modified, and pre-test and post-test were carried out. The players performed 120 services with the instruction to hit the ball powerfully and maintaining maximum efficiency. Data showed that two variables related to the speed and the acceleration of the hand will predict efficacy at 57.7%: both the time variation coefficients until we reach the speed peak and the final acceleration of the hand in the Y axis. Significant differences were also obtained between some instantaneous kinematic variables measured in the pre-test and the practice series, and also negative and significant correlations between these variables and the efficacy of the services.
    Key Words: variability, tennis, service

    Este estudio investiga acerca de la relación existente entre la variabilidad en la ejecución del servicio plano en tenis y la práctica variable del mismo, partiendo de un análisis predictivo de las variables cinemáticas instantáneas que definen el movimiento de la mano que sujeta la raqueta. 17 tenistas pasaron por 8 condiciones de práctica precedidas de un test inicial y finalizadas con un test final. En dichas series se variaron el implemento utilizado y la pelota. Cada jugador realizó 120 golpeos, con la instrucción de golpear a la máxima potencia manteniendo la eficacia. Los datos obtenidos identifican como variables predictoras de la eficacia en un 57.7 % a dos parámetros relacionados con la velocidad y con la aceleración de la mano: los coeficientes de variación del tiempo hasta el pico de velocidad lineal de la mano en el eje Y y la aceleraci

  9. Estudo histoquímico comparativo da matriz extracelular dc tumores primários e metastáticos em ratos nude xenotransplantados com células KB

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Terezinha Regina Prúpere Ogata

    1997-08-01

    Full Text Available Estudou-se comparativamente, através de métodos histoquímicos, a expressão dos componentes da matriz extracelular de tumores primitivos e metastáticos em ratos nude, xenotransplantados com células KB. Em ambas as neoplasias observou-se uma variabilidade tanto qualitativa como quantitativa dos componentes matriciais, coexistência de diferentes tipos de fibras, pouca representatividade de fibras elásticas de glicosaminoglicanas ácidas e sulfatadas e de polissacarídeos neutros, além da ausência de membrana basal.

  10. Fontes e composição das partículas atmosféricas na área urbana e rural da região central do Estado de São Paulo

    OpenAIRE

    Paterlini, Willian César [UNESP

    2007-01-01

    Este trabalho teve como objetivos específicos a caracterização física e química do material particulado (MP) da região central do estado de São Paulo, visando avaliar a contribuição das diferentes fontes nas diferentes faixas de tamanhos analisadas e além disso, verificar qualquer variabilidade sazonal que pudesse ser causada pela queima da cana-de-açúcar, já que a economia regional é basicamente caracterizada por agroindústrias com uma tendência de crescimento industrial a médio e longo praz...

  11. QUALIDADE E PERFIL SENSORIAL DESCRITIVO DA CARNE MATURADA PROVENIENTE DE ANIMAIS CRUZADOS

    OpenAIRE

    Nassu, Renata Tieko; Verruma-Bernardi, Marta Regina; Tullio, Rymer Ramiz; Cruz, Geraldo Maria da; Alencar, Maurício Mello de

    2014-01-01

    A maturação é uma alternativa para obtenção de carne de melhor qualidade, além de diminuir a variabilidade da maciez da carne proveniente de animais do mesmo grupo genético. Neste estudo, carnes provenientes de animais cruzados ½ Angus + ½ Nelore (AN) e ½ Senepol + ½ Nelore (SN) foram maturadas até 28 dias e analisadas em relação a parâmetros físico-químicos e sensoriais. Para todos os parâmetros a interação tempo de maturação x grupo genético não foi significativa, com exceção do atributo te...

  12. O efeito das capacidades logísticas na construção de resiliência da cadeia de suprimentos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Graeml Alexandre Reis

    2014-12-01

    Full Text Available Neste artigo, analisa-se o efeito de determinadas capacidades logísticas sobre a resiliência da cadeia de suprimentos, replicando no Brasil um estudo realizado com empresas norte-americanas, o que permite uma análise comparativa entre os resultados de ambas as pesquisas. Os participantes responderam uma pesquisa survey com um questionário de escala Likert para testar seis hipóteses relativas à correlação entre algumas variáveis. Observou-se o relacionamento positivo das variáveis orientação para gerenciamento de risco, foco no cliente e foco no compartilhamento de informações com a variável resiliência da cadeia de suprimentos. A pesquisa não comprovou relação da resiliência da cadeia de suprimentos com a vantagem competitiva percebida ou com a variabilidade dos processos logísticos. Também não foi comprovada relação alguma entre a variável variabilidade dos processos logísticos e a variável vantagem competitiva percebida.

  13. Variabilidade espacial de atributos físicos de solo usada na identificação de classes pedológicas de microbacias na Amazônia meridional Spatial variability of soil physical attributes used for soil mapping in small headwater catchments of the southern Amazon

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João Paulo Novaes Filho

    2007-02-01

    Full Text Available A região noroeste do Estado de Mato Grosso compreende paisagens de grande complexidade para amostragem de solo. Isso ocorre devido à contínua atividade geomorfológica, que contribuiu para a existência de diferentes classes pedológicas em pequenas distâncias. O trabalho foi desenvolvido em Juruena (MT, com o objetivo de identificar as classes pedológicas em microbacias sob floresta não-perturbada, por meio do estudo da variabilidade espacial da textura (relação textural e cor (índice de avermelhamento do solo, considerando-se ainda a altitude da paisagem. A variabilidade espacial da textura e da cor do solo foi determinada em amostras de 185 pontos georreferenciados em malha sistemática regular com espaçamento de 20 x 20 m, abrangendo quatro microbacias. Usando profundidades de 0-20 e 40-60 cm, foi possível distinguir e mapear as principais classes de solo ocorrentes na área de estudo até o segundo nível categórico do Sistema Brasileiro de Classificação de Solos, associadas ao fator relevo da paisagem. Também foi estabelecida uma correspondência bastante satisfatória entre os intervalos do índice de avermelhamento do horizonte diagnóstico e as cores das classes de solo. As microbacias apresentaram as classes Plintossolos e Argissolos (com caráter plíntico em altitudes inferiores a 280 m e Latossolos nas cotas superiores. Dessa forma, ficou evidenciada a possibilidade do uso da geoestatística para separar classes homogêneas de solo, além de estimar a precisão de mapeamento. Contudo, são indispensáveis o conhecimento pedológico e o trabalho posterior de campo para a aplicação e o ajuste dessa modelagem.The northwestern region of Mato Grosso State consists of complex landscapes due to ongoing geomorphologic activity that contributes to the occurrence of different soil classes over small distances, which complicates soil sampling strategies. This study was conducted in Juruena (MT, with the objective of

  14. TIPIFICACIÓN DE LOS SISTEMAS DE PRODUCCIÓN AGRÍCOLA Y LA PERCEPCIÓN DE LA VARIABILIDAD CLIMÁTICA EN ANZOÁTEGUI, VENEZUELA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    B. O. OLIVARES

    2017-06-01

    reconocen el fenómeno de la variabilidad climática y lo perciben como un problema nacional y global que afecta negativamente la actividad económica. Adicionalmente, existe una percepción generalizada sobre la variabilidad climática en los últimos años la cual fue explicada a través de la ocurrencia de fenómenos naturales: sequia meteorológica, excesos de agua y erosión hídrica.

  15. Spatial variability of sorghum forage yield and physical attributes of an Planosol = Variabilidade espacial da produtividade de sorgo e atributos físicos em um Planossolo.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rafael Montanari

    2013-12-01

    Full Text Available The cultivation of sorghum (Sorghum bicolor L. Moench is increasing in the Midwest region of Brazil with the aim of expanding the production of silage to be used in animal feed, with good adaptability to climatic conditions of the arid and semi-arid brazilian. The productive capacity of sorghum is influenced by soil physical properties (RP, UG, UV e DS, with these values appropriate to the development of the root system positively affect the productivity. In order to study the spatial and linear correlations between the yield of sorghum for forage and soil physical properties, an experiment was conducted in the Miranda city, MS, in an Planosol. The data were obtained by analysis of samples of plant (MVF and soil (RP, UG, UV e DS collected at random, having been demarcated using a GPS receiver 51 points in the cultivation area with irregular spacing. The attributes studied (plant and soil, and have spatial correlation, the variability between medium and high and well-defined spatial patterns, with a range between 130.0 and 352.0 m. The RP and UG were good indicators of soil physical quality, as for the productivity of green biomass forage sorghum. =

  16. Variabilidade intra-avaliador e inter-avaliadores de medidas antropométricas - DOI: 10.4025/actascihealthsci.v29i1.98 Intra-observer and inter-observers variability of anthropometric measures- DOI: 10.4025/actascihealthsci.v29i1.98

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edna Regina de Oliveira

    2007-12-01

    Full Text Available O objetivo do estudo foi avaliar a variabilidade intra e inter-avaliadores de medidas antropométricas realizadas por três antropometristas considerados experientes mediante o cálculo dos erros técnicos de medida (ETM. Para esse fim, foi selecionada uma amostra de 21 voluntários (25,7 ± 7,5 anos, sendo 12 homens e 9 mulheres. Foram consideradas as medidas de peso corporal (kg, estatura (cm, circunferências (cm do braço direito relaxado, abdômen, quadril e coxa, e da espessura das dobras cutâneas (mm tricipital, subescapular, suprailíaca, abdômen, coxa e panturrilha medial. As medidas foram realizadas em 2 dias consecutivos, sempre no período da tarde, envolvendo os mesmos equipamentos e os mesmos voluntários. Os resultados apontaram a ocorrência de ETMs acima dos recomendados para aceitabilidade, tanto a variabilidade intra-avaliador como inter-avaliadores, sugerindo, portanto, a importância e a necessidade de treinamento específico dos antropometristas.The aim of this study was to evaluate the intra and inter-observer reliability in the anthropometric measures of three expert observers through the technical error of measure (TEM. For this end, 21 healthy volunteers (25.7 ± 7.5 years took part in the study, being 12 males and 9 females. The following aspects were analyzed: body weigh (kg, stature (cm, circumferences (cm of relaxed right arm, abdomen, hip and thigh, and skinfold thickness (mm of triceps, subescapular, supra-iliac, abdomen, thigh and calf medial. The measures were made in 2 different days, always in the afternoon, with the same equipments and in the same volunteers. The results pointed the occurrence of TEMs out of the recommended patterns, in both intra-observer and inter-observers variability. This fact showed the importance and need of specific training of the observers.

  17. Uma análise da influência da estocasticidade das informações sobre um modelo de programação linear

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Neida Maria Patias Volpi

    2000-06-01

    Full Text Available Neste trabalho foi discutido o impacto de perturbações estocásticas em um modelo de planejamento florestal. Foi desenvolvido um modelo de programação linear e uma abordagem, através de simulações estocásticas, para analisar e quantificar a variabilidade que ocorre nos valores da função objetivo, perante a natureza estocástica dos dados que alimentam o modelo. Um programa para efetuar tais simulações foi desenvolvido. O conceito de razão de variabilidade objeto-sistema foi introduzido para medir a suscetibilidade do sistema em relação às variações ocorridas no objeto.The impact of stochastic perturbations in a forest planning model was discussed in this work. It was developed a linear programming and an approach, through stochastic simulations, to analyse and quantify the variability that occurs in the values of the objective function, because of the nature of the data that are used in the model. A program to do such simulations was developed. A new concept was introduced, called object-system ratio of variability, in order to measure the sensitivity of the response of the system when variations occur in the object.

  18. Aplicação do método Fuzzy na classificação da zona de convergência do Atlântico Sul no sul da Amazônia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Samuel Oliveira Vieira

    2014-12-01

    Full Text Available A Zona de Convergência do Atlântico Sul (ZCAS influencia a variabilidade da precipitação no sul da bacia Amazônica. Nesse sentido, foi aplicado o Método da Lógica Fuzzy de modo a ter um mecanismo de alerta para as chuvas acima da média climatológica devido à ZCAS (classificada como oceânica, costeira ou Amazônica sobre o Sul da Amazônia, nos meses de novembro a março no período 1999 a 2010. Um algoritmo objetivo na identificação da ocorrência de ZCAS foi esquematizado e a classificação em termos linguísticos permitiu categorizar em diferentes tipos. Durante os períodos de ZCAS, a possibilidade de ocorrer chuvas fortes diárias (> 20mm é mais de duas vezes maior do que a climatologia. ZCAS Amazônicas e costeiras produzem aproximadamente 71,4% da precipitação, referentes aos meses de janeiro a março representando 64% dos episódios atuantes no Sul da Amazônia.

  19. Rediseño de una red de distribución con variabilidad de demanda usando la metodología de escenarios

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    John Wilmer Escobar

    2013-02-01

    Full Text Available Este artículo presenta el problema del diseño de una red de distribución de gran escala con variabilidad en la demanda. Se parte de una estructura de red establecida,cuya problemática central radica en la determinación de las decisiones de cierre o apertura de los centros de distribución. El problema se ha solucionado utilizando lametodología de optimización mediante escenarios;dicha metodología usa un esquema de optimización basado en la generación de múltiples escenarios de los parámetros críticos de la red. El modelo está basado en el caso de una compañía multinacional de alimentos que abastece todo el territorio colombiano y varios mercados internacionales. Los resultados obtenidos reflejan la importancia y eficiencia de la metodología propuesta para el tratamiento de la variabilidad en la demanda, en el diseño de redes de distribución.

  20. Rediseño de una red de distribución con variabilidad de demanda usando la metodología de escenarios

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    John Willmer Escobar

    2012-06-01

    Full Text Available Este artículo presenta el problema del diseño de una red de distribución de gran escala con variabilidad en la demanda. Se parte de una estructura de red establecida,cuya problemática central radica en la determinación de las decisiones de cierre o apertura de los centros de distribución. El problema se ha solucionado utilizando la metodología de optimización mediante escenarios;dicha metodología usa un esquema de optimización basado en la generación de múltiples escenarios de los parámetros críticos de la red. El modelo está basado en el caso de una compañía multinacional de alimentos que abastecetodo el territorio colombiano y varios mercados internacionales. Los resultados obtenidos reflejan la importancia y eficiencia de la metodología propuesta para el tratamiento de la variabilidad en la demanda,en el diseño de redes de distribución.

  1. Análise discriminante dos solos por meio da resposta espectral no nível terrestre Soil discrimination analysis by spectral response in the ground level

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcos Rafael Nanni

    2004-10-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi desenvolver e avaliar um método para discriminação das classes de solos a partir de suas respostas espectrais, utilizando-se um sensor em laboratório. Os dados espectrais foram utilizados no desenvolvimento de modelos estatísticos para discriminar as classes de solos de uma área no sudoeste do Estado de São Paulo. Equações discriminantes foram desenvolvidas para as 18 classes. A resposta espectral foi obtida em amostras da porção superficial e da porção subsuperficial dos solos da área de estudo, num total de 370 amostras. As amostras foram coletadas em 185 ha, com uma tradagem por ha. Os resultados demonstraram que as classes de solos podem ser individualizadas e distinguidas pela análise discriminante. A análise registrou índices de acerto acima de 80% de determinação da classe de solo avaliada. O acerto global foi de 90,71% quando se utilizaram todas as classes para a geração dos modelos, e 93,44% quando se utilizaram as dez classes com maior número de indivíduos. O teste estatístico simulado mostrou-se eficiente na análise discriminante, com taxa média de acerto acima de 91%, com erro global de 8,8%. A análise demonstrou redução na qualidade do modelo quando aplicado para um subconjunto de 20% das amostras, com erro global de 33,9%. O método auxilia na discriminação de classes de solos pela sua reflectância, devido às interações físicas com a energia eletromagnética.The objective of this study was to develop and test a discrimination method for soil classes by their spectral response (SR, using a laboratory sensor. Spectral data were used to develop statistical model for discriminating soil classes in an area at the southwest of São Paulo State, Brazil. Discriminant equations were developed for 18 soil classes. The spectral data were obtained in superficial and subsuperficial soil samples in the study area, with a total of 370 samples. The samples were collected in 185 ha

  2. Parâmetros populacionais da raça ovina Santa Inês no Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Milton Rezende Teixeira Neto

    2013-12-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar a estrutura populacional de ovinos da raça Santa Inês criados no Brasil. Foram utilizados dados de pedigree de 13.216 animais, pertencentes a 53 rebanhos de oito estados brasileiros, nascidos no período de 1976 a 2010. O programa Endog foi utilizado para análise do pedigree e estimação dos parâmetros populacionais. Do total de animais estudados, 80,86% apresentaram pedigree na primeira ascendência, 73,78% na segunda e 67,75% na terceira. O número máximo de gerações conhecidas foi de 19, e a média de gerações equivalentes foi de 4,67. A média do intervalo de gerações foi de 3,22±1,77 anos. O tamanho efetivo da população apresentou média de 172,5 animais. O número de animais fundadores foi 829, mas o número efetivo de fundadores foi apenas 50. Os 17 principais ancestrais explicaram 50% da variabilidade genética total. O coeficiente médio de relação foi de 3,87% e o de endogamia, de 6,92%. Apesar do satisfatório coeficiente médio de endogamia nas últimas gerações, este coeficiente requer monitoramento por sua proximidade do limite recomendável. O fluxo de genes entre os rebanhos é o principal fator para o aumento do tamanho efetivo e a manutenção da variabilidade genética da raça Santa Inês.

  3. Análisis de la variabilidad entre diferentes situaciones en el lanzamiento de tres puntos en baloncesto. (Analysis of the variability of three-points throwing tasks in basketball.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francisco Javier Moreno Hernández

    2009-10-01

    Full Text Available ResumenLa gran cantidad de grados de libertad durante la ejecución de un movimiento deportivo permite describir diferentes niveles de variabilidad. En el estudio del lanzamiento de baloncesto ha existido gran interés por conocer las características de la ejecución óptima del lanzamiento, pero son menos los trabajos que se han interesado en investigar la influencia de la variabilidad en el rendimiento. El presente trabajo pretende conocer cómo afecta a la variabilidad de la ejecución la presencia de un oponente y la modificación de la acción previa al lanzamiento. Diez sujetos ejecutaron veinte lanzamientos de tres puntos, diez lanzamientos en situación denominada estándar, y diez en situación de variabilidad. Distintas variables de la técnica de tiro fueron analizadas mediante técnicas de fotogrametría. Las principales diferencias en la variabilidad del lanzamiento entre ambas situaciones se encontraron para el ángulo de salida del balón y la separación de los pies del lanzador. La comparación entre los sujetos de menor y mayor rendimiento determinó que la variabilidad en la altura del salto es mayor en el grupo de menos éxito. La principal conclusión es que las modificaciones del entorno influyen en la variabilidad del movimiento, por lo que dichas modificaciones deben ser consideradas en las tareas de entrenamiento. AbstractThe great amount of degrees of freedom during the execution of a sport movement allows describing different levels of variability in human movement. Several authors have studied biomechanic characteristics of basketball shoot, but few of them have studied influence of variability on shoot task. The present study tries to know the effects of opponent and previous action on shoot variability. Ten subjects executed twenty three points shoot: ten without constraints, and ten in variability situation. Variability of the shoot was measured by photogrammetry. The main differences between situations were

  4. Variabilidad del patrón respiratorio durante la carga elástica inspiratoria Variability of breathing pattern during inspiratory elastic load

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos E. D´Negri

    2009-06-01

    Full Text Available La ventilación pulmonar en humanos tiene una variabilidad respiración a respiración no lineal, compleja y caótica. El objetivo del trabajo fue: caracterizar la variabilidad del patrón respiratorio en perros (n: 8 anestesiados respirando bajo carga elástica umbral (CEU inspiratoria (7 a 50 cm H2O. Con el flujo, presión traqueal y esofágica, se analizaron: tiempo inspiratorio (Ti, ritmo [tiempo espiratorio (Te; tiempo total (Ttot, y Ti/Ttot] e impulso central (Vt/Ti, variables relacionadas [volumen corriente (Vt y ventilación pulmonar (Ve]. Se determinaron: variabilidad grosera (varianzas, oscilaciones de baja frecuencia (análisis espectral y memoria a corto plazo (análisis de autocorrelación. La CEU produjo disminución de la varianza de medias en Te, Ttot, Vt y Vt/Ti (p In humans, lung ventilation exhibits breath-to-breath variability and dynamics that are nonlinear, complex and chaotic. Our objective was to characterize the breathing pattern variational activity in anesthetized dogs (n: 8 breathing through threshold inspiratory elastic load (7 to 50 cm H2O. Starting from flow signal and tracheal and esophageal pressures, we analyzed inspiratory time (Ti, timing (expiratory time, Te; total time, Ttot; and Ti/Ttot and central drive (Vt/Ti and variables related to it (tidal volume, Vt and pulmonary ventilation, Ve. We measured gross variability (variances, low frequency oscillations (spectral analysis, and short term memory (autocorrelation analysis. Loading decreased variance of the mean values of Te, Ttot, Vt and Vt/Ti (p < 0.05; the mean of variances for Ti/Ttot increased (p < 0.005 while it decreased for Vt and Vt/Ti (p < 0.05. In general, percent of data recordings with low frequency oscillations (OB% decreased (p < 0.02. During heavy load, timing parameters percent of data recordings with autocorrelations (AU% did not change, but Vt and its related parameters decreased their AU% (p < 0.005. There was a positive correlation (r: 0

  5. Variabilidade sazonal no ducto epididimário de codorna doméstica: observações morfológicas Seasonal variability in epididymal duct of the domestic quail: morphologic features

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antônio M. Orsi

    2007-12-01

    Full Text Available O ducto epididimário (DE de codorna doméstica mostrou, ao longo do ano, variabilidade pequena, porém muito expressiva no outono, o qual corresponde à fase quiescente do ciclo testicular anual. A morfologia do DE na primavera foi, em termos, similar à verificada no verão e inverno. Nestas fases notaram-se aumento significante do calibre tubular do DE; estocagem intraluminal de espermatozóides e ocorrência de mitocôndrias, lamelas do RE, vesículas variáveis quanto à forma, dimensões e conteúdos e presença de alguns lisossomos localizados, principalmente, no citoplasma apical das células principais (P, no epitélio epididimário. Estas características ultra-estruturais das células P parecem ser indicativas da ocorrência de processos ativos de endocitose e de secreção micromerócrina. A quiescência outonal foi caracterizada pelo aspecto anfractuoso do DE; ausência de espermatozóides e pouco material intraluminal, observados à microscopia de luz. Características ultra-estruturais degenerativas foram verificadas ao nível do citoplasma supranuclear das células P epididimárias no outono.Small but expressive variability was noted on the epididymidis duct (ED of domestic quail along the year, with more evidence in autumn of the quiescent phase of the annual testis cycle in this species. Spring features of ED had a general similar pattern in summer and winter. They were characterized by enlargement of epididymis tubule, storage of spermatozoa into the luminal compartment and presence of mitochondria, ER lamellae, several variable vesicles, and lysosomes localized mainly on the apical cytoplasm of principal cells (P of the epididymal epithelium. These P cells features indicated a process of endocytosis and perhaps protein secretion. Autumn quiescence was marked by a convolute pattern of the epididymis tubule, lacking of spermatozoa and small amount of exfoliate heterogeneous material inside the luminal compartment at light

  6. Clinical variability in dystrophic epidermolysis bullosa and findings with scanning electron microscopy Variabilidade clínica em epidermólise bolhosa distrófica e achados de microscopia eletrônica de varredura

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hiram Larangeira de Almeida Jr

    2012-02-01

    Full Text Available In dystrophic epidermolysis bullosa, the genetic defect of anchoring fibrils leads to cleavage beneath the basement membrane and its consequent loss. A 46 year-old female patient presented blisters with a pretibial distribution associated with nail dystrophy. Her two children had hyponychia and anonychia, which affected all toe nails and the thumb, forefinger and middle finger. DNA sequencing identified in exon 75 of COL7A1 gene a pathologic mutation: c.6235G>A (p.Gly2079Arg. Immunomapping of a blister demonstrated collagen IV (basal membrane in the blister roof and collagen VII in its floor, confirming dystrophic epidermolysis bullosa. Scanning electron microscopy of an inverted blister showed net-forming collagen attached to the blister roof . The variability found in this family has already been reported and confirms, on a clinical basis, the nail subtype as a dystrophic variant.Na epidermólise bolhosa distrófica, o defeito genético das fibrilas de ancoragem leva à clivagem abaixo da membrana basal com sua consequente perda. Uma paciente de 46 anos apresentava bolhas pré-tibiais associadas à distrofia ungueal. Seus dois filhos apresentavam hipo e anoníquia, afetando todas as unhas dos pododáctilos e dos primeiros, segundos e terceiros quirodáctilos. O sequenciamento de DNA identificou no exon 75 do gene COL7A1 uma mutação patológica: c.6235G>A (p.Gly2079Arg. O imunomapeamento identificou o colágeno IV no teto e colágeno VII no assoalho de uma bolha , confirmando o diagnóstico de epidermólise bolhosa distrófica. A microscopia eletrônica de varredura de um teto invertido de bolha demonstrou rede de colágeno aderida ao mesmo. A variabilidade clínica encontrada nessa família já foi escrita e confirma, que o subtipo ungueal das epidermólises bolhosas é uma forma distrófica.

  7. Estimativa da disponibilidade de forragem do bioma Campos Sulinos a partir de dados radiométricos orbitais: parametrização do submodelo espectral Forecast the available forage of natural pastures of Campos Sulinos biome using satellite spectral data: parameterization for the spectral submodel

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eliana Lima da Fonseca

    2007-12-01

    Full Text Available Este trabalho apresenta a parametrização do submodelo espectral do modelo JONG, um modelo agrometeorológico-espectral para a previsão da disponibilidade de forragem das pastagens naturais do bioma Campos Sulinos. A parametrização foi feita testando-se a capacidade de diferentes variáveis espectrais obtidas a partir de imagens do sensor ETM+/Landsat 7 representando a disponibilidade de forragem em diferentes fases do ciclo fenológico da vegetação campestre natural do bioma Campos Sulinos. Verificou-se que as variáveis Wetness e reflectância da banda ETM+7/Landsat 7 representam o status inicial da vegetação de forma eficiente, mas não tiveram sensibilidade suficiente para eliminar os efeitos do tipo de solo na resposta espectral da vegetação.This research presents the parameterization for the spectral submodel of JONG model, an agrometeorologic-spectral model to forecast the available forage of natural pastures of Campos Sulinos biome. Tthe capacity of different spectral variables, gotten from images of the sensor ETM+/Landsat 7, to represent the forage availability in different phases of its fenologic cycle was realized. The Wetness variable and reflectance of the band ETM+7/Landsat 7 represent the initial status of vegetation of efficient form was verified, however had no sensitivity enough to eliminate the effect of soil type in the spectral response of the vegetation.

  8. Qualidade de frutos de pitaya em função da época de polinização, da fonte de pólen e da coloração da cobertura

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriana de Castro correia da Silva

    2011-12-01

    Full Text Available A pitaya (Hylocereus undatus é uma cactácea propagada vegetativamente, o que resulta em pequena ou nula variabilidade nos plantios comerciais. Devido a diversos estudos mostrarem que a espécie é auto ou parcialmente incompatível, realizou-se este trabalho com o intuito de verificar a eficiência de polinização da pitaya autofecundada e utilizando-se de pólen de H. polyrhizus e Selenicereus setaceus, além da influência da época do ano e da coloração da cobertura da tela plástica na qualidade dos frutos. O experimento foi realizado na Área de Fruticultura da Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias - UNESP, Campus de Jaboticabal, num delineamento experimental inteiramente casualizado, em esquema fatorial 3 X 2 X 2 (três espécies doadoras de pólen X duas colorações de cobertura de sombrite, branca e preta, com 50% de sombreamento X duas épocas do ano, com quatro repetições para cada espécie doadora de pólen, em cada uma das coberturas. As flores foram emasculadas em duas épocas (março e abril e polinizadas manualmente. As variáveis avaliadas foram porcentagem de pegamento dos frutos, características físicas e químicas dos frutos (comprimento e diâmetro, massas total, de polpa e de casca, % de polpa, espessura da casca, pH, teor de sólidos solúveis (ºBrix, teor de vitamina C, acidez titulável, índice de maturação - ST/AT e dias da antese até a colheita. Não houve frutificação nas flores autopolinizadas, enquanto as polinizadas com pólen de H. polyrhizus e S. setaceus obtiveram 100% de pegamento. Pode-se concluir que há necessidade de interplantio de plantas de H. undatus (clone avaliado com H. polyrhizus ou S. setaceus para a ocorrência de frutificação, sendo que a utilização de H. polyrhizus como doadora de pólen proporciona a obtenção de frutos com maior massa e menor acidez. As condições climáticas ocorridas durante o desenvolvimento dos frutos, nas épocas estudadas, afetaram a

  9. Síndrome de Waardenburg. Variabilidad en una familia en Sandino, Pinar del Río, Cuba Waardenburg syndrome: variability in a Sandino family

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fidel Castro Pérez

    2011-06-01

    Full Text Available El síndrome de Waardenburg es una enfermedad infrecuente, autosómica y dominante que cursa con cierto grado de discapacidad cuando aparece la hipoacusia neurosensorial, sin embargo, se ha detectado en Sandino, Pinar del Río, Cuba, una familia con 26 individuos vivos portadores del síndrome. Se describe por primera vez el estudio general de la familia desde el primer portador, y se demuestra la variabilidad individual en los portadores.Waardenburg Syndrome (WS is a non-frequent autosomal dominant disease, showing a certain degree of disability when neurosensitive hypoacusia appears; however, in Sandino, Pinar de Río, Cuba a family, from whom 26 alive relatives show WS. The general study of this family from the first ill relative, and the individual variability is showed.

  10. Divergência, variabilidade genética e desempenho agronômico em genótipos de couve.

    OpenAIRE

    Azevedo, Alcinei Mistico

    2012-01-01

    Embora haja grande variabilidade genética para a couve, são poucos trabalhos no Brasil que visão obter informações para programas de melhoramento genético nesta cultura. Assim, objetivou-se neste trabalho caracterizar 30 genótipos de couve a partir de caracteres morfo-agronômicos para estimar a divergência genética, a importância dos caracteres para a divergência, o desempenho agronômico, os parâmetros genéticos e a correlação entre as características avaliadas. O experimento foi conduzido na...

  11. Variabilidad espacial de la materia orgánica en un suelo dedicado al cultivo de cebada maltera (Hordeum distichum L.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Judith Prieto Méndez

    2014-01-01

    Full Text Available El contenido de materia orgánica (MO en suelos es una de las propiedades de mayor interés debido a su papel en la estructura y a su reconocida influencia en la dinámica de solutos. Su caracterización es por tanto, un aspecto de gran interés. Los contenidos de MO en suelos dedicados al cultivo de cebada maltera ( Hordeum distichum L. son relativamente bajos, por lo que la incertidumbre y posibles errores del método analítico pueden condicionar estudios de variabilidad espacial. En este trabajo se elaboró y validó un método de análisis de la MO de acuerdo con los criterios de la Norma ISO-17025 y se diseñó un control de calidad, incluyendo un estudio de la variabilidad que la metodología introduce en los resultados. Con la metodología desarrollada se ha llevado a cabo un muestreo previo y un muestreo final de 39 y 248 muestras representativas de una parcela dedicada al cultivo de cebada maltera del municipio de Apan, al sur del estado de Hidalgo, México, cuyo fin fue evaluar el número de muestras necesarias que han de tomarse para caracterizar este suelo y esta propiedad (MO. El trabajo se completó con un estudio geoestadístico de los valores de MO, con lo que pueden extraerse conclusiones para planes de muestreo futuros, desarrollo de modelos de simulación a escala de campo y aplicación práctica de problemas de fertilización.

  12. Abundâncias de oxigênio e enxofre nas estrelas de tipo solar da vizinhança solar

    Science.gov (United States)

    Requeijo, F.; Porto de Mello, G. F.

    2003-08-01

    Alguns resultados sugerem que o Sol seja 58% mais abundante em oxigênio que o meio interestelar local. Esta anomalia parece estender-se para o carbono e o criptônio. Entre as possíveis explicações deste fenômeno estão: uma supernova de tipo II que tenha enriquecido a nebulosa protosolar, tornando-a superabundante em oxigênio; um episódio de infall de material pobre em metais sobre o disco Galático, diluindo o meio interestelar local ou uma migração dinâmica do Sol de uma órbita mais interna da Galáxia para sua posição atual. A escolha entre estes cenários exige o conhecimento preciso da abundância solar em relação às anãs G da vizinhança. Neste contexto, o oxigênio e enxofre, são elementos-chave por serem ambos produzidos pelas supernovas de tipo II, devendo portanto possuir o mesmo padrão de abundância. Este projeto visa esclarecer qual a posição do Sol na distribuição local de abundâncias de enxofre e oxigênio para uma amostra de estrelas de tipo solar com idades e metalicidades bem conhecidas. Para tal, analisamos espectros de alta resolução e alta relação sinal-ruído nas regiões espectrais de ll 6300, 7774 (O) e l8695 (S). Para o enxofre encontramos que o Sol parece ser uma estrela típica dentre as da vizinhança, e que este elemento não mostra a sobreabundância para baixas metalicidades, já bem estabelecida para o oxigênio. Discutimos as abundâncias do enxofre no contexto da Evolução Química da Galáxia. Apresentamos resultados preliminares muito precisos para a linha proibida do oxigênio l6300 e comparamos estes com os obtidos para o tripleto em l7774. Quantificamos os efeitos não-ETL presentes no tripleto em função dos parâmetros atmosféricos estelares.

  13. Produção Offshore na Bacia de Campos (RJ: a perspectiva da Psicologia do Trabalho

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alexandre de Carvalho Castro

    2013-01-01

    Full Text Available O objetivo deste artigo é examinar a dinâmica psicológica dos trabalhadores offshore da Bacia de Campos (RJ. A técnica de grupo focal, enquanto metodologia de base qualitativa, foi utilizada para explorar opiniões, percepções, conceitos, atitudes e valores dos petroleiros. Seis grupos focais consistiram no procedimento metodológico por meio do qual foram colhidas informações sobre as condições de trabalho embarcado. RESULTADOS: A análise do processo de trabalho em plataformas marítimas, com sua variabilidade e dificuldade, segundo a perspectiva da Psicologia do Trabalho, evidenciou que o tempo de trabalho, a vida e os ganhos dos trabalhadores são ambíguos, assimétricos e dissociados.

  14. Incertezas na predição da erosão com a usle: impactos e mitigação

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Henrique Marinho Leite Chaves

    2010-12-01

    Full Text Available Apesar de haver significativa variabilidade espacial e temporal nas variáveis de modelos de predição de erosão, mesmo em áreas consideradas homogêneas, ela é raramente incorporada na análise e no planejamento conservacionista. As consequências dessa simplificação são predições incorretas de perda de solo, com implicações para a sustentabilidade agrícola e ambiental de glebas. Os objetivos deste trabalho foram: (a estimar o efeito da variabilidade espacial e temporal dos fatores da Equação Universal de Perdas de Solo - USLE na predição da erosão em uma área homogênea situada no Distrito Federal; (b incorporar a incerteza resultante no processo de tomada de decisão conservacionista; e (c propor medidas para sua mitigação. Os resultados indicam que, apesar do baixo coeficiente de variação médio dos fatores da USLE na área estudada, na faixa de 20 %, o coeficiente de variação da perda de solo (A estimada foi de 64 %, indicando significativa propagação de incerteza no modelo. A implicação disso é que, mesmo sendo o valor médio de A 19 % menor que o limite médio de tolerância à erosão na gleba (T, haveria ainda uma probabilidade de 43 % de que A fosse superior a T. Para reduzir esse risco, são sugeridas medidas que aumentem a margem de segurança do sistema, como a adoção de práticas conservacionistas. Com a introdução de terraços, a probabilidade de falha do sistema seria reduzida para 12 %. Os resultados reforçam a importância da incorporação das variabilidades e incertezas na estimativa da erosão e no planejamento conservacionista, por meio de análise estocástica.

  15. Polygonaceae da cadeia do espinhaço, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Melo Efigênia de

    2000-01-01

    Full Text Available O estudo da família Polygonaceae é parte do projeto "Estudos de flora e fauna na Cadeia do Espinhaço, Bahia, Brasil". Neste trabalho a área de estudo foi ampliada, abrangendo também as espécies da Cadeia do Espinhaço do Estado de Minas Gerais. A família está representada na área por cinco gêneros, com os respectivos números de espécies: Coccoloba (14: C. acrostichoides, C. alagoensis, C. alnifolia, C. brasiliensis, C. cereifera, C. fastigiata, C. lucidula, C. ochreolata, C. pipericarpa, C. salicifolia, C. scandens, C. schwackeana, C. striata e C. warmingii, Polygonum (6: P. acuminatum, P. ferrugineum, P. hispidum, P. hydropiperoides, P. meisnerianum e P. punctatum, Rumex (1: R. crispus, Ruprechtia (1: R. apetala e Triplaris (1: T. gardneriana. São apresentadas chaves para os gêneros e espécies, bem como descrições, ilustrações, comentários sobre a distribuição geográfica, fenologia e variabilidade para todos os táxons.

  16. Genetic variability among Commelina weed species from the states of Paraná and São Paulo, Brazil Variabilidade genética entre espécies de plantas daninhas do gênero Commelina provenientes dos estados do Paraná e São Paulo, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    D.C. Rocha

    2009-01-01

    . Os resultados mostraram que há variabilidade genética inter e intraespecífica nas plantas do gênero Commelina. A análise da diversidade genética entre as espécies indicou quatro agrupamentos monoespecíficos, e isso sugere manter C. villosa como uma espécie. Considerando a variabilidade genética intraespecífica somente de C. benghalensis, apesar das 13 populações provenientes de dois Estados geográficos, três grupos foram identificados. Entretanto, esses agrupamentos não correspondem às características morfológicas distintas observadas.

  17. Variabilidad genética y morfológica y estructuración poblacional en Alstroemeria hookeri subsp. hookeri (Alstroemeriaceae, endémica de Chile Genetic and morphological variation and population structure in Alstroemeria hookeri subsp. hookeri (Alstroemeriaceae, endemic to Chile

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    EDUARDO RUIZ

    2010-12-01

    genética intrapoblacional en esta subespecie. Los resultados del AMOVA indican que la variabilidad se da principalmente entre poblaciones. Sin embargo, estos resultados variaron cuando se analizan las poblaciones de ambos rangos de distribución separadamente. La similitud genética no coincide con la divergencia morfológica entre individuos de la costa e interior, indicando que algunas poblaciones del interior están más relacionadas genéticamente, con poblaciones costeras que con aquellas de su mismo rango geográfico.The genus Alstroemeria consists of 82, exclusively South American taxa that are distributed mainly in Chile and Brazil. The great economic relevance, that has acquired the Chilean Alstroemeria species, as ornamentáis, has aroused great interest in the morphological variability of their flowers and genetic variability in those species with potential economic valué. One of these species is Alstroemeria hookeri which has four subspecies, of which A. hookeri subsp. hookeri, is endemic to the Maule and Biobio Regions. Its geographic distribution consists of two ranges, separated by the Coastal Mountain. Thus, there are populations growing in the coastal range, between 5-20 m high, in the provinces of Arauco, Concepción, Nuble, and Cauquenes, and populations of the Central Valley, growing between 100-150 m in the Biobio and Nuble provinces. Preliminary evidence indicated phenotypic differences between coastal and Central Valley populations, principally in colour and shape of the tepals. For this reason, a comparative morphological study was carried out in the complete geographic distribution of this subspecies and a population genetics study was conducted also, especially to determine the levéis of population structure. Thirty three floral characters were analyzed through ordination methods. The morphological study shows a slight tendency to separate the populations into two groups, which coincide with the extremes of morphological variation and both

  18. Diversidade genética de populações naturais de dourado à jusante e montante da Cachoeira Branca, rio Verde – MS (Brasil: uma visão inicial

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ricardo Pereira Ribeiro

    2016-02-01

    Full Text Available As usinas hidrelétricas são responsáveis por gerar a maioria da energia elétrica utilizada no Brasil, entretanto, suas construções podem gerar entraves ambientais, entre eles a interrupção da migração de peixes. O presente estudo foi realizado no período anterior a construção da UHE São Domingos sobre o eixo da cachoeira Branca, no rio Verde – Mato Grosso do Sul (Brazil, e teve como objetivo avaliar a diversidade genética de duas populações naturais de dourado (Salminus brasiliensis localizadas à jusante (População A - PopA e montante (População B - PopB da cachoeira. Foram utilizados oito iniciadores para analisar 56 indivíduos (PopA: 26; PopB: 30. Observaram-se um total de 102 fragmentos, dos quais 86 foram polimórficos (84,3%. Foram identificados fragmentos de baixa frequência (PopA: 2;  PopB: 1, três fragmentos limitantes (PopA e três fragmentos exclusivos (PopB. A variabilidade genética intra-populacional calculada com o índice de Shannon e pela porcentagem de fragmentos polimórficos mostrou altos valores de variabilidade dentro de cada população (PopA: 0,300 e 60,80% e PopB: 0,411 e 79,40%, respectivamente. A distância e identidade genética mostraram uma alta diferenciação genética (0,076 e 0,927, respectivamente. As duas populações apresentaram alta variabilidade genética intra-populacional e alta diferenciação e distância genética entre si, com baixo fluxo gênico. Conclui-se que a UHE São Domingos deve realizar uma transposição controlada dos peixes para manter a variabilidade genética entre as populações.

  19. Quantificação da divergência genética entre acessos de goibeira por meio da estratégia Ward-MLM

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bianca Machado Campos

    2013-06-01

    Full Text Available O presente trabalho teve como objetivo quantificar a divergência genética entre 138 acessos de goiabeira procedentes do banco de germoplasma da Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (UENF, com base em descritores morfológicos, agronômicos e físico-químicos, por meio do procedimento Ward - Modified Location Model (MLM. Para tanto, foram avaliados 13 descritores, sendo cinco qualitativos (coloração da polpa, superfície do fruto, formato do fruto ao final do pedúnculo, largura do pescoço e uniformidade da cor da polpa e oito quantitativos (massa média do fruto, diâmetro longitudinal do fruto, diâmetro transversal do fruto, rendimento da polpa, teor de sólidos solúveis totais, acidez do fruto, relação teor de sólidos solúveis totais e acidez do fruto e teor de ácido ascórbico. Detectou-se ampla variabilidade genética pelos dados morfológicos, agronômicos e físico-químicos nos 138 acessos de goiaba. Pelo procedimento da função da verossimilhança, determinou-se oito o número ideal de grupos, com um valor de incremento de 67,51. O grupo III foi considerado o mais distante, enquanto os grupos I, II, IV, V e VI, os mais próximos. O procedimento Ward-MLM é uma ferramenta útil para detectar divergência genética e agrupar os acessos utilizando, simultaneamente, variáveis qualitativas e quantitativas.

  20. Variabilidad textural, mineralógica y geoquímica de la bentonita de Yuncos (Cuenca de Madrid

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Moreno, A.

    1993-12-01

    processes (Al/Mg > 0.3 and the other to neoformation (Al/Mg En este trabajo se estudia la variabilidad composicional (mineralógica y geoquímica y textural de la capa principal de bentonita (saponita del depósito de Yuncos (Toledo, en el sector suroccidental de la cuenca de Madrid. Desde un punto de vista sedimentológico se han diferenciado en la capa bentonítica dos episodios: uno inferior (1 caracterizado por litofacies de lutitas masivas, que muestran lateralmente microfacies brechoides-bioturbadas (columna A a intraclásticas con «glébulas» y materia orgánica (columnas B y C, y otro episodio superior (11 constituido por lutitas laminadas-Iajeadas con ooides calcíticos, que muestra un escaso desarrollo en las columnas estudiadas. El primer episodio se interpreta como depósitos de encharcamiento palustre somero sobre facies de «mud-flat» lacustre, y el segundo como correspondiente a depósitos en pequeños encharcamientos rellenando depresiones sobre la bentonita del episodio inferior que es parcialmente removilizada. De los datos texturales se infiere que la columna A corresponde a la zona con mayor grado de somerización, mientras que la C es la que presenta rasgos de un mayor período de encharcamiento, siendo la B transicional entre ambas. Mineralógicamente se observa una disminución progresiva en el contenido de minerales heredados (cuarzo, feldespatos, illita-mica en la dirección A-C, que coincide con un incremento en la proporción de fracción arcilla en las granulometrías. La arcilla está constituida fundamentalmente por saponita, con illita abundante en la columna A y sepiolita mejor desarrollada en la zona transicional (columna B. Estas características se reflejan en el comportamiento geoquímico, con A12O3, K2O, Fe2O3, Na2O y TiO2 decreciendo en la dirección A-C (correlación positiva, mientras que MgO es su antagonista (correlación negativa. Los elementos traza, especialmente Ba, Nb, Pb, V y Zn, siguen también una evolución que

  1. Variabilidade gen?tica de Arrabidaea bilabiata com marcadores moleculares AFLP e teste de extratos em fungos fitopatog?nicos

    OpenAIRE

    Souza, Luciana Souza de Aguiar e

    2010-01-01

    A degrada??o das pastagens ? um dos maiores problemas da pecu?ria, principalmente na Amaz?nia devido ? baixa tecnologia adotada em pequenas propriedades. Em pastagens degradadas ou n?o, ? comum a ocorr?ncia de plantas daninhas, algumas das quais podem ser t?xicas e danosas aos animais. Na regi?o Norte as plantas t?xicas s?o respons?veis pela maioria das mortes de bovinos adultos, e grande parte destas mortes ? causada por Arrabidaea bilabiata nas v?rzeas do rio Amazonas e seus afluentes. O...

  2. Influência da taxa de congelamento no comportamento físico-químico e estrutural durante a liofilização da albumina bovina Influence of cooling rate on the structural and phase changes during lyophilization of bovine serum albumin

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Virgilio Tattini Jr

    2006-03-01

    Full Text Available A liofilização é o método mais comumente utilizado para a preparação de proteínas desidratadas, as quais devem apresentar estabilidade adequada por longo período de armazenagem em temperaturas ambientes. Entretanto, estudos recentes com espectroscopia no infravermelho têm documentado que os problemas relacionados com o congelamento e a desidratação induzidos pela liofilização podem levar ao desdobramento molecular da proteína. Através de análises por espectroscopia Raman, associadas com análise térmica por calorimetria exploratória diferencial (DSC, estudou-se a influência da taxa de congelamento no comportamento físico-químico e estrutural da albumina sérica bovina submetida ao processo de liofilização. Observou-se que a albumina liofilizada com taxa de congelamento de 2,5 °C/min apresentou maior alteração estrutural quando comparada à albumina liofilizada com taxa de congelamento de 30 °C/min, a qual apresentou menores oscilações espectrais nas regiões da amida I, III e pontes de dissulfeto, favorecendo a manutenção da conformação estrutural da proteína.Lyophilization (freeze-drying is the most commonly method used to prepare dehydrated proteins, which should have the desired long-term stability at ambient temperatures. However, recent infrared spectroscopic studies have documented that the acute freezing and dehydration stresses of lyophilization can induce protein unfolding. Through Raman spectroscopy associated with thermal analysis using differential scanning calorimetry (DSC, it was studied the influence of cooling rate on the structural and phase changes during lyophilization of bovine serum albumin. It was observed that bovine serum albumin (BSA lyophilized under slow freezing (2.5 ºC/min presented higher structure damage than the BSA lyophilized under fast freezing (30 ºC/min However, the lyophilization process using cooling rate of 30 ºC/min presented fewer spectra alterations on the Amide I

  3. VÍRUS DA IMUNODEFICIÊNCIA FELINA – UM DESAFIO CLÍNICO

    OpenAIRE

    Ferreira, Guadalupe Sampaio; UNESP

    2011-01-01

    O vírus da imunodeficiência felina (FIV) é um retrovírus pertencente ao gênero Lentivirus, de ocorrência mundial. Gatos infectados apresentam transtornos no sistema hematopoiético como anemia e principalmente um quadro de imunodeficiência o que predispõem os gatos infectados a infecções oportunistas. Em virtude de sua importância clínica e epidemiológica realizou – se esta revisão com o objetivo de descrever a variabilidade genética FIV, métodos diagnóstico, medidas profiláticas e alternativa...

  4. Time series analysis of water surface temperature and heat flux components in the Itumbiara Reservoir (GO, Brazil Análise da série temporal da temperatura da superfície da água e dos componentes do balanço de calor no Reservatório de Itumbiara (GO, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Enner Herenio de Alcântara

    2011-09-01

    C, p OBJETIVO: A temperatura da água possui uma importante função ecológica e no controle de processos biogeoquímicos em um corpo d'água. O monitoramento convencional da qualidade da água geralmente é dispendioso e que consome muito tempo. Este é um problema particularmente interessante quando se esta estudando grandes áreas. Entretanto, ferramentas como o sensoriamento remoto pode ser considerado adequado no estudo destas áreas. O objetivo deste estudo foi analisar séries temporais de temperatura da água e dos fluxos de calor para melhorar o entendimento de suas variações temporais em reservatório hidrelétricos. MÉTODO: Neste trabalho, dados do sensor MODIS/Terra de temperatura da superfície da água (TSA nível 2, 1 km de resolução nominal (MOD11L2, versão 5 foram utilizados. Todas as imagens, livres de nuvem, do MODIS/Terra de 2003 a 2008 foram utilizadas, resultando em 786 imagens tomadas durante o dia e 473 durante a noite. As séries temporais de temperatura da superfície da água foram obtidas por meio de médias mensais e janelas de 3×3 pixels em três áreas distintas do reservatório: 1 próximo a barragem, 2 região central do reservatório e 3 na confluência dos rios. Dados meteorológicos foram utilizados para a estimativa do balanço de calor no reservatório para os anos de 2003 a 2008. Uma análise de correlação entre as séries temporais de temperatura da água estimadas durante o dia e noite com os fluxos de calor. Os fluxos mais bem correlacionados foram verificados quanto sua ciclicidade com a variação de temperatura, por meio do uso do algoritmo de wavelet cruzada, coerência e fase. RESULTADOS: A média mensal de TSA diurna mostrou uma maior variabilidade se comparada com a série temporal de TSA noturna. Além disto, apresentam um ciclo sazonal bem marcado, passando por um mínimo durante os meses de Junho e Julho e um máximo nos meses de Dezembro e Janeiro. Para analisar este padrão, uma análise de Fourier e de

  5. Variabilidade espacial de perdas de solo, do potencial natural e risco de erosão em áreas intensamente cultivadas Spatial variability of the soil loss, natural potential and erosion risk in intensively cultivated areas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gláucia de Mello

    2006-06-01

    Full Text Available O objetivo desta pesquisa foi identificar a variabilidade espacial do potencial natural de erosão, das perdas de solo e do risco de erosão em duas áreas intensamente cultivadas, com o intuito de fornecer subsídios na descrição de padrões de ocorrência de erosão. O solo da área, localizado em Monte Alto, SP, foi classificado como Argissolo Vermelho Amarelo (PVA, relevo ondulado e sob diferentes manejos. O solo da área localizado em Jaboticabal, SP, foi classificado como Latossolo Vermelho (LV, relevo suave, cultivado com cana-de-açúcar. O esquema de amostragem constituiu em uma malha irregular. Amostras de solo foram obtidas na profundidade de 0-0,2 m, para cada malha: 88 amostras para a área de Monte Alto (1465 ha e 128 amostras para a área de Jaboticabal (2597 ha. Para obtenção dos valores das variáveis estudadas, empregou-se a EUPS para cada ponto amostrado. Os dados foram submetidos à análise estatística descritiva e geoestatística para definição dos semivariogramas. Para os modelos foi utilizada a interpolação por krigagem. Observou-se a ocorrência de dependência espacial para todas as variáveis. O solo PVA apresentou maiores riscos de erosão, devido ao relevo, uso atual e manejo, comparado com o solo LV.The objective of this work was to identify the spatial variability of the natural erosion potential, soil loss and erosion risk in two intensely cultivated areas, in order to assess the erosion occurrence patterns. The soil of the area located at Monte Alto, São Paulo state, was classified as Paleudalf (PVA with moderately slope, with different managements. The soil of the area located at Jaboticabal, São Paulo state, was classified as Haplortox(LV with gentle slope and cultivated with sugarcane. A irregular grid was imposed on the experimental areas. Soil samples were obtained from 0-0.2 m depth at each grid point: 88 samples in Monte Alto area (1465 ha and 128 samples at Jaboticabal area (2597 ha. In order

  6. La variabilidad climática y las pesquerías en el Pacifico suroriental Climate variability and fisheries in the southeastern Pacific

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marco Espino

    2012-09-01

    Full Text Available El Pacífico suroriental es una de las áreas más productivas del planeta debido a su intensa dinámica de circulación oceánica cuya manifestación más importante, desde el punto de vista oceanográfico y biológico, la constituye los afloramientos costeros que generan una elevada producción primaria y secundaria que sustentan importantes poblaciones de peces que son la base de la economía pesquera de la región. Sin embargo, en esta región la normalidad es la variabilidad, que responde a patrones reguladores de macroescala como los estacionales, interanuales, periódicos y seculares, como procesos de corto, mediano, largo y muy largo plazo. En estos escenarios ambientales aparecen como factores o manifestaciones de variabilidad el ENOS (El Nino Oscilación del Sur, la ODP (Oscilación Decadal del Pacífico y la VSP (Variabilidad Secular del Pacífico como los más conspicuos. Tanto la temporalidad como los factores de variabilidad afectan el ecosistema y, dentro de éste a los recursos y sus pesquerías. Estos cambios están referidos al tiempo, espacio, poblaciones y pesquerías. Es decir, los procesos de dinámica poblacional de los recursos, como reclutamiento, crecimiento y mortalidad natural y por pesca, están siendo afectados permanentemente, a intensidades y frecuencias escalares diferentes. Esta situación estaría induciendo respuestas dinámicas de las poblaciones que a su vez generan estados poblacionales frente a cada uno de los momentos o escenarios ambientales imperantes. El trabajo presenta un análisis de los patrones normativos y factores de variabilidad usando variables ambientales, biológicas y pesqueras y se identifican escenarios que explicarían los cambios de las poblaciones y sus pesquerías facilitando la adopción de medidas de gestión aplicables a cada estado ambiental. Esto permitirá la planificación de las pesquerías para prevenir colapsos socioeconómicos y financieros, así como obtener los m

  7. Variabilidade genética de acessos obtidos de populações cultivadas e silvestres de maracujazeiro-doce com base em marcadores rapd Genetic diversity obtained from cultivated population and native accesses of seewt passion fruit based on rapd markers

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Graciele Bellon

    2009-03-01

    Full Text Available O maracujazeiro-doce (Passiflora alata Curtis, devido a preços diferenciados, vem ganhando importância dentro do mercado de frutas in natura. O melhoramento genético é fundamental para elevar a qualidade e a produtividade da cultura. Os marcadores moleculares do DNA têm sido muito úteis por permitirem a obtenção de um número praticamente ilimitado de polimorfismo genético sem influência do ambiente. Objetivou-se, neste trabalho, estudar a variabilidade genética de 17 acessos de maracujá-doce, com base em marcadores moleculares RAPD. Um acesso de P. quadrangularis e um de P. edulis foram utilizados como outgroups. Amostras de DNA genômico de cada acesso foram extraídas e 11 iniciadores decâmeros (OPD 04; 07; 08 e16; OPE 18 e 20; OPF 01 e 14; OPG 08; OPH 12 e 16 foram utilizados para a obtenção dos marcadores. Os marcadores obtidos foram convertidos em uma matriz de dados binários, a partir da qual foram estimadas as distâncias genéticas entre os acessos e realizadas análises de agrupamento e de dispersão gráfica. Do total de marcadores, considerando-se apenas os acessos de P. alata, observaram-se 87 (62,12% bandas polimórficas, evidenciando a grande variabilidade intraespecífica. A análise de agrupamento realizada com base nas distâncias genéticas permitiu subdividir os 17 acessos de P. alata em, pelo menos, cinco grupos de similaridade genética. Os acessos silvestres foram os que mais contribuíram para a ampliação da base genética dos materiais estudados, abrindo perspectivas para o uso desses materiais em programas de melhoramento.Sweet passion fruit (Passiflora alata Curtis is gaining importance in the in natura fruit market due to differential value. Genetic breeding is crucial to improve crop quality and productivity. Molecular markers of DNA have been very useful by allowing obtaining a virtually unlimited number of genetic polymorphism without environment influence. This work's objective was to study the

  8. El componente sistemático de la variabilidad de algunos parámetros de producción en palma africana adulta (Elaeis guineensis, Jacq en Casanare.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Acevedo A. Néstor

    2001-09-01

    Full Text Available Mediante análisis de tendencia y geoestadísticos fue evaluado el componente determinístico de la variabilidad del peso de racimos de fruta fresca (PR, de la tasa de extracción de aceite (TEA y de la cantidad de ácidos grasos libres (AGL, en palmas con diferente grado de recuperación de PC en un cultivo ubicado en la región del Bajo Upía, Casanare. Los análisis no detectaron ninguna variabilidad estructural en las propiedades evaluadas por lo que se concluye que las diferencias significativas encontradas por Acevedo (2000 entre ellas, mediante análisis de varianza, si están controladas por el grado de recuperación que muestran las palmas, después de haber sido atacadas por PC.

  9. Caracterización de la región cromosómica 15q11-q13 del genoma humano. Variabilidad genómica en el autismo e identificación de ncRNAs

    OpenAIRE

    Cerrato Rivera, Celia

    2007-01-01

    La tesis doctoral con título "Caracterización de la región cromosómica 15q11-13 del genoma humano. Variabilidad genómica en el autismo e identificación de ncRNAs" se basa en el estudio de la región cromosómica 15q11-q13, centrándonos en los aspectos de la variabilidad genómica y su significado funcional. En la primera parte del estudio buscamos reordenamientos de 15q11-q13 en pacientes con autismo, mediante la genotipación de marcadores microsatélites cubriendo dicha región, y definimos una d...

  10. Estudio de la variabilidad genética en habichuela Phaseolus vulgaris L., mediante descriptores morfológicos y bioquímicos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gutierrez J. A.

    2004-04-01

    Full Text Available Se cuantificó la variabilidad genética de una muestra de 116 accesiones de habichuela P. vulgaris, cultivadas en centros primarios y secundarios de domesticación. Se evaluaron 18 descriptores morfo-agronómicos asociados con características de la planta, vaina y semilla. Mediante el análisis de las faseolinas utilizando SDS-PAGE se encontraron patrones de bandas de origen andino (T, C y H1 y mesoamericano [S, Sb, CH y H(S+I]. También se evaluaron ocho sistemas isoenzimáticos polimórficos. En el germoplasma de habichuela hay importante contribución del acervo mesoamericano y las accesiones en algunos centros secundarios de domesticación tuvieron origen y procesos de dispersión diferentes de los del fríjol común en tales zonas. La mayor variabilidad morfológica y el mayor número de accesiones con características deseables para el mercado fresco se encontró en el grupo mesoamericano. Se detectó mayor número de genotipos híbridos entre acervos cuando se utilizaron simultáneamente los tres descriptores, lo cual indica una estructura genética compleja que podría deberse al efecto de los factores ambientales propios de la zona templada sobre sus patrones reproductivos. La diversidad total medida con los tres descriptores fue similar a la registrada en fríjol común. Sin embargo, la estructura poblacional encontrada por otros autores en el fríjol común es diferente de la observada en este estudio. Palabras claves: Variabilidad, descriptores morfológicos, isoenzimas, proteínas de semilla, acervos genéticos. ABSTRACT Genetic variability of 116 accesions of Phaseolus vulgaris showing snap beans characteristics coming from primary and secondary centers of domestication, were studied using eighteen morphological descriptors to characterize pods and seeds, SDS-PAGE analysis of seed phaseolins and eight isozyme systems. Higher morphological diversity and best pod marketing characteristics were found at Andean accessions

  11. Padrão espaço-temporal da umidade volumétrica do solo em uma bacia hidrográfica com predominância de latossolos

    OpenAIRE

    Ávila,Léo Fernandes; Mello,Carlos Rogério de; Mello,José Márcio de; Silva,Antônio Marciano da

    2011-01-01

    A umidade volumétrica do solo possui alta variabilidade espacial e temporal devido à influência de vários fatores ambientais e de uso do solo. Desse modo, seu entendimento assume papel fundamental na modelagem dos processos que envolvem o escoamento superficial, a erosão do solo e o transporte de sedimentos. Nesse contexto, objetivou-se neste estudo avaliar o padrão espacial e temporal da umidade volumétrica na camada superficial do solo, nas diferentes estações do ano, em uma bacia hidrográf...

  12. Variabilidade genética de Genipa americana L. pertencente ao baixo curso do rio São Francisco

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Allívia Rouse Carregosa Rabbani

    2012-06-01

    Full Text Available A utilização de marcadores genéticos em estudos de caracterização de ecossistemas florestais permite avanços no entendimento genético das populações naturais, bem como auxilia na definição de estratégias de recuperação ou restauração florestal. Este trabalho foi realizado com o objetivo de avaliar a diversidade genética entre 18 indivíduos de Jenipapo (Genipa americana L. procedentes da região do Baixo São Francisco sergipano por meio de marcadores RAPD. Para a amplificação do material genético foram utilizados 12 oligonucleotídeos para análise da diversidade. Pelo índice de Jaccard, a similaridade genética média (Sgm entre os indivíduos foi de 60,4% sendo que, a maior obtida foi identificada entre os indivíduos G11 e G12 (83,6%±0,03 e a menor entre os indivíduos G4 e G18 (36,5%, ±0,02. Com base na Sgm (78,4%, sete pares indivíduos foram considerados geneticamente semelhantes. A partir destas análises, os indivíduos podem ser utilizados como matrizes fornecedoras de sementes em combinação com outros indivíduos em programas de restauração de áreas degradadas, porém devem compor áreas distantes.

  13. LA VARIABILIDAD GENÉTICA DE LA Persea americana M.: UN ESTUDIO SOBRE LA ENSEÑANZA DE LA BIOLOGÍA MOLECULAR DESDE EL LABORATORIO EN GRADO 10°

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Miguel Monsalve Agudelo

    2015-12-01

    Full Text Available El presente artículo, expone el trabajo realizado en desarrollo de proyecto de grado de maestría, con estudiantes de la I.E. San Fernando de Amagá, Antioquia, en el periodo comprendido entre Julio de 2013 y junio de 2014, en la línea de profundización de la enseñanza de la biología molecular. Para la ejecución del trabajo se tomaron como base dos grupos, uno control y uno experimental, en los cuales se aplicó un ciclo de aprendizaje a través de videos sobre variabilidad genética explicada en la expedición de Darwin, situaciones problema, clases magistrales y trabajos de campo como la diferenciación de especies vegetales a partir de características morfológicas. En el grupo experimental se introdujo el trabajo de laboratorio como base de la enseñanza de la variabilidad genética desde la biología molecular. Desde el punto de vista pedagógico, se considera que la intervención permitió un avance en el proceso de aprendizaje de los estudiantes en el acercamiento a los contenidos conceptuales, procedimentales y actitudinales referentes a la variabilidad genética. Así mismo desde el aspecto biológico, se determinó la variabilidad genética del aguacate en el municipio de Amagá, al resultar diferente dos de las muestras en la prueba del gel electroforesis PCR-RFLPs para 6 muestras de plantas de Aguacate con marcador de 50pb.

  14. Epidemias de ferrugem asiática no Rio Grande do Sul explicadas pelo fenômeno ENOS e pela incidência da doença na entressafra

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Claudinei Antonio Minchio

    Full Text Available RESUMO Estudou-se a interferência da variabilidade da variabilidade climática e do número de relatos de ferrugem asiática na entressafra sobre a epidemia da doença no estado do Rio Grande do Sul, durante 11 safras agrícolas. A ocorrência da doença foi obtida a partir de relatos apresentados no Consórcio Antiferrugem e dividida entre os períodos “Safra”, “Entressafra” e “Ano Todo”. Os dados das epidemias foram testados para correlação, via regressões polinomiais lineares e quadráticas, com as variáveis climáticas: precipitação pluvial, índice padronizado de precipitação - SPI, índice de oscilação sul - IOS e anomalia da Temperatura na Superfície do Mar - SST no Oceano Pacífico Tropical e número de ocorrências da doença no período de entressafra. Os índices que melhor explicaram a variação das ocorrências da doença para o período “Ano Todo” foram o SST e IOS, com coeficientes de determinação (R2 de 0,94 e 0,59, respectivamente. As ocorrências de ferrugem no período “Entressafra” influenciaram positivamente nas ocorrências no período “Safra”.

  15. Variabilidade espacial de atributos físicos do solo sob diferentes usos e manejos Spatial variability of physical attributes of soil under different use and management conditions

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eloiza G. S. Cavalcante

    2011-03-01

    Full Text Available O preparo de solo e as espécies vegetais têm expressivo efeito na variabilidade espacial do solo. Portanto, objetivou-se com este trabalho estudar a variabilidade espacial de alguns atributos físicos de um Latossolo Vermelho do cerrado do Mato Grosso do Sul, sob diferentes usos e manejos. O solo foi amostrado em uma malha, com intervalos regulares de 2,0 m, perfazendo o total de 64 pontos, nas profundidades de 0-0,10 m e 0,10-0,20 m para densidade do solo e nas profundidades de 0-0,15 m; 0,15-0,30 m; 0,30-0,45 m e 0,45-0,60 m para resistência do solo à penetração e teor de água no solo, em áreas com vegetação natural (cerrado, plantio direto, preparo convencional e pastagem. O maior coeficiente de variação e efeito pepita ocorreram para a resistência do solo à penetração. O sistema plantio direto apresentou maior alcance quando comparado com o do cerrado, preparo convencional e área com pastagem. As formas de uso e de manejo empregadas induziram, em ordem crescente, plantio direto, preparo convencional e pastagem à degradação dos atributos físicos do solo em relação ao cerrado.The soil tillage and the vegetable species have expressive effect on spatial variability of soil. The objective of this work was to study the spatial variability of some physical attributes of savannah soil (Oxisol of Mato Grosso do Sul, Brazil, under different management. The soil samples were collected in a grid, with regular intervals of 2.0 m, total of 64 points, in the depths of 0-0.10 m and 0.10-0.20 m for bulk density and in the depths 0-0.15 m; 0.15-0.30 m; 0.30-0.45 m and 0.45-0.60 m for the soil resistance to the penetration and soil water content, in the areas with native vegetation (savannah, no-tillage, conventional system and pasture. The greatest variability measured through the variation coefficient and nugget effect was observed for the soil resistance to penetration. The no-tillage showed major range when compared to native

  16. Predicción de la variabilidad del rendimiento de papa a partir de la cobertura del follaje Predicting potato yield variability from foliage cover

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A. de la Casa

    2012-06-01

    Full Text Available La cobertura del follaje (f es un parámetro biofísico importante para determinar tanto la fracción de radiación fotosintéticamente activa interceptada (fRFAI, como la tasa de agua que transpira un cultivo. En cultivos de papa (Solanum tuberosum L., cv. Spunta de ciclo otoñal se analizó en 2009 y 2010 la relevancia de f y fRFAI, para estimar el rendimiento y evaluar la variabilidad productiva espacial en un lote del cinturón verde de la ciudad de Córdoba, Argentina. Si bien fRFAI presentó mayor capacidad para explicar la variabilidad del rendimiento de tubérculo a cosecha, el empleo de la duración de la cobertura, f acumulada hasta los 60 días de la plantación, en 2009 alcanzó un R² de 0,77 (P The ground cover (f is an important biophysical parameter to determine both the fraction of intercepted photosynthetically active radiation (fRFAI, and the rate of water that is transpired by a crop. During the autumn/late growing seasons of 2009 and 2010, the potential of f and fRFAI to estimate potato yield (Solanum tuberosum L., cv. Spunta, and to evaluate the spacial variability of production in a plot of the green belt of Cordoba, Argentina, was discussed. While fRFAI showed greater ability to explain the variability of tuber yield at harvest, using ground cover duration, the f accumulated until 60 days after planting reached an R² of 0.77 (P < 0.01 in 2009, which increased to 0.95 in 2010 70 days after planting from a more intensive sampling (f was obtained from an average of nine photographs taken at 2.5 m height. The use of a single value of f obtained near maximum coverage reduces the predictive power of cumulative values. Based on a 5x5 grid sampling in 2009 it was found that there is a significant component of the variability associated with furrow planting.

  17. Variabilidade genética em populações naturais de Ziziphus joazeiro Mart., por meio de marcadores moleculares RAPD

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Itamara Bomfim Gois

    2014-08-01

    Full Text Available Os estudos de diversidade genética em populações naturais são imprescindíveis para a elaboração de estratégias de conservação. Assim, este trabalho foi realizado com o objetivo de caracterizar geneticamente, por meio de marcadores Random Amplified Polymorphic DNA (RAPD, populações naturais de Ziziphus joazeiro Mart., localizadas na região do Baixo São Francisco sergipano. Foram empregados 20 oligonucleotídeos e, a partir do polimorfismo observado, foram estimadas a porcentagem de polimorfismo, a variabilidade genética e a similaridade genética (Sgij, por meio do coeficiente de Jaccard. O teste de Mantel foi realizado para avaliar a correlação entre a similaridade genética e a distância geográfica; sendo o fluxo gênico também estimado. O polimorfismo observado nas populações de Z. joazeiro variou de 58,1 a 66,5% e a similaridade genética, de 44 a 54%. A similaridade genética não está correlacionada com a distância geográfica, e os valores observados para o índice de diversidade genética de Nei, para o índice de Shannon e para os parâmetros HS, HT e GST foram considerados altos e semelhantes aos encontrados em outras espécies arbóreas. A porcentagem de locos polimórficos foi considerada baixa. Maior identidade genética foi encontrada entre as populações de Canindé do São Francisco e Santana do São Francisco; e a maior distância genética entre as populações de Canhoba e Canindé do São Francisco. O fluxo gênico foi maior que 1. Com base nos resultados, pode-se afirmar que há alta variabilidade genética entre as populações e que estas podem estar geneticamente estruturadas.

  18. Análisis por LSSP-PCR de la variabilidad genética de Trypanosoma cruzi en sangre y órganos de ratones.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana María Mejía

    2005-03-01

    Full Text Available Introducción. La enfermedad de Chagas, causada por Trypanosoma cruzi, presenta un curso clínico variable que oscila desde casos asintomáticos a casos crónicos. T. cruzi tiene una estructura clonal y las cepas infectivas son a menudo multiclonales. La variabilidad genética de T. cruzi puede ser un determinante para el tropismo diferencial a tejidos y, consecuentemente, para las formas clínicas de la enfermedad. Objetivo. Caracterizar genéticamente los parásitos de sangre y órganos de ratones infectados con dos cepas colombianas de T. cruzi. Materiales y métodos. Se infectaron ratones con dos cepas colombianas de T. cruzi con el fin de determinar la infección en sangre y órganos. Para esto, se evaluó la sensibilidad de tres marcadores moleculares diferentes, y se determinó la variabilidad genética de los clones por la técnica de reacción en cadena de la polimerasa de baja astringencia con un único iniciador específico (LSSP-PCR, utilizando el marcador del ADN del cinetoplasto (kADN. Los perfiles de bandas obtenidos con la LSSP-PCR se analizaron por el método de neighbor-joining. Resultados y conclusiones. Nuestros resultados confirmaron la presencia de los dos grupos de T. cruzi en las cepas y el carácter policlonal de éstas. El marcador más sensible fue el kADN y el órgano más afectado, el corazón. Se encontraron diferencias genéticas entre los clones presentes en la sangre y los órganos de los ratones infectados. En conclusión, estos resultados apoyan el uso de la LSSP-PCR para el entendimiento de la epidemiología de la enfermedad de Chagas.

  19. A study to solve the variability of wind generation through integration of large-scale hydraulic generation; Um estudo para resolver a variabilidade da geracao eolica atraves da integracao em larga escala com geracao hidraulica

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Emmerik, Emanuel Leonardus van; Steinberger, Johann Michael; Aredes, Mauricio [Coordenacao dos Programas de Pos-Graduacao de Engenharia (PEE/COPPE/UFRJ), RJ (Brazil). Programa de Engenharia Eletrica

    2010-07-01

    The optimal deployment of wind generation with the hydro generation is being investigated as a viable option to assist in resolving the constraints coming ahead as a consequence of the tendency of recovery in the Brazilian Amazon basin for expansion of generating facilities. It is in the validity of this research that this work is focused. The value is shown of feasibility studies of using water power generation to offset the variability of wind generation when it is deployed on a large scale. Preliminary results are presented for the variability of wind generation at various cycles, the variability of the availability of hydropower. (author)

  20. Avanços tecnológicos e variabilidade genética da expansão CGG da região promotora do gene FMR1

    OpenAIRE

    Gigonzac, Marc Alexandre Duarte

    2016-01-01

    A Síndrome do X-Frágil (SXF) é a principal causa de deficiência intelectual herdável no mundo e a segunda de etiologia genética, com uma prevalência estimada de 1/4000 homens e 1/8000 mulheres. O mecanismo molecular mais comum na SXF é decorrente de alterações na expressão do gene FMR1, localizado em Xq27.3, devido a expansões trinucleotídicas CGG na região promotora e subsequente metilação do gene. Apesar de apresentar achados clínicos consistentes, os mesmos não são exclusivos, e a existênc...

  1. Variabilidade entre procedências de paricá Schizolobium parahyba var amazonicum (Huber ex Ducke Barneby plantadas no município de Colares - Pará Variability among Schizolobium parahyba var. amazonicum (Huber ex Ducke Barneby provenances planted in the municipality of Colares - PA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Selma Toyoko Ohashi

    2010-03-01

    Full Text Available O estudo envolveu quatro procedências de paricá (Schizolobium parahyba var. amazonicum plantadas no município de Colares-PA, seguindo um delineamento experimental em blocos ao acaso com cinco repetições. As características estudadas foram: sobrevivência, altura da planta, diâmetro a 1,30m do solo (DAP, altura e diâmetro da copa, percentagem de plantas atacadas e tipo de casca. A avaliação foi efetuada aos três anos de idade. Foram encontradas diferenças entre procedências para a sobrevivência e crescimento em altura da planta e DAP, não tendo sido encontradas diferenças para as características de altura da copa, diâmetro da copa, percentagem de plantas atacadas e tipo de casca. A procedência de maior sobrevivência foi Belterra que diferiu das demais ao nível de 5% de significância. Para o crescimento em Altura da planta e DAP, as procedências Belterra, Ji-Paraná e Alta Floresta foram estatisticamente iguais entre si, diferindo de Brasiléia que apresentou o menor desenvolvimento. As procedência Belterra, Alta Floresta e Ji-Paraná podem ser recomendadas para o uso em programas de reflorestamento e sistemas agroflorestais para esta região. O coeficiente de correlação de Spearman indicou alta associação entre as variáveis de produção e a latitude, indicando que as procedências de latitudes mais baixas tendem a ter um maior desenvolvimento, entretanto, devido este estudo ter envolvido somente uma pequena amostra dentro da ampla área de distribuição da espécie, é aconselhável ampliar o trabalho de prospecção e coleta para melhor explorar a variabilidade no programa de melhoramento genético com a espécie.The study involved four three-year-old provenances of Schizolobium parahyba var. amazonicum planted in the municipality of Colares-Pará, following an experimental design of randomized blocks with five replications. The studied characteristics were: survival, plant height, diameter at 1.30 m from the

  2. Evaluación de la variabilidad fenotípica de plantas de Stylosanthes guianensis regeneradas a partir de cultivo de tejidos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pineda R. Omaira

    1988-12-01

    Full Text Available La variabilidad fenotípica en plantas de Stylosanthes guianensis CIAT 2243 tipo "tardío" fue evaluada en plantas regeneradas a partir de cultivo de tejidos. 100 clones provenientes de hojas fueron regenerados y se llevaron al campo en un diseño de bloques completamente al azar. De 11 características evaluadas, se encontró variación en número cromosómico, vigor, número de tallos, tipo de crecimiento, área foliar, reacción al ataque de antracnosis y porcentaje de materia seca.Phenotypic variability in Stylosanthes guianensis CIAT 2243 was evaluated in plants regenerated from tissue culture. 100 leaf derived clones were regenerated and were taken 10 the field under a randomized block distribution. Out of eleven parameters of evaluation, regenerated clones displayed significant variation in: chromosome number, plant vigor, number of stems, leaf area, growth habit, reaction to antracnose and dry matter content. The other parameters internode length, lateral expansion, seed production and seed size showed no significant variation among clones, The greater variability produced was associated with chromosome number increase.

  3. Estructura poblacional y variabilidad genética de Rhodnius prolixus (Hemiptera: Reduviidae procedente de diferentes áreas geográficas de Colombia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Diana Carolina López

    2007-01-01

    Resultados. R. prolixus presenta variabilidad genética moderada (Fst 0,057-0,15, entre las poblaciones domiciliadas se encontraron tasas de migración (Nm>1 que revelan flujo genético. Se encontró diferenciación genética de moderada-alta entre la población silvestre de Casanare y las poblaciones domésticas del centro del país (Tolima y Cundinamarca. Conclusión. Las poblaciones domiciliadas de R. prolixus son homogéneas debido a que existe flujo genético entre éstas; lo cual es favorable para el control químico, mientras que la población silvestre agrupa aparte de las domiciliadas. Se evidencia la necesidad de estudiar la estructura genética de los focos silvestres, sus posibles rutas de dispersión y el riesgo epidemiológico que representan.

  4. Variabilidad de suelos y requerimiento hídrico del cultivo de banano en una localidad del Pacífico de México

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M. Cigales

    2011-01-01

    Full Text Available Con el objetivo de mejorar las estrategias de uso del agua de riego para el cultivo de banano (Musa aaa cv. Gran Enano en la localidad de El Colomo, Colima, México, se realizó tanto la caracterización in situ de los suelos como la identificación de los mismos, así como la estimación de la influencia de los factores climáticos y del suelo en los requerimientos hídricos de este cultivo; ello, mediante la utilización del programa de cómputo CropWat (versión 2002. Los resultados mostraron que los suelos presentan, en general, condiciones favorables para el cultivo de banano, sin embargo, es necesario considerar la variabilidad de las características físicas y químicas en la estimación de los requerimientos hídricos. Asimismo, se sugiere obtener de manera periódica y continua la información detallada de clima para generar estrategias de riego que fortalezcan la producción sostenible de banano en esta región.

  5. Variabilidad de la frecuencia cardíaca y perfiles psicofisiológicos en deportes de equipo de alto rendimiento

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jordi Moreno S\\u00E1nchez

    2013-01-01

    Full Text Available En el presente trabajo se plantean dos objetivos, llevados a cabo en dos estudios diferentes. En primer lugar, se pretende analizar la utilidad del análisis de la Variabilidad de la Frecuencia Cardíaca (VFC dentro del contexto de los deportes de equipo de alto rendimiento. Por otra parte, se pretende analizar la VFC en base a los perfiles de estado de ánimo evaluados con el POMS. Para el primer estudio se seleccionaron 53 deportistas de 3 deportes de equipo de élite diferentes: baloncesto, hockey hierba y fútbol. Para el segundo estudio la muestra la formaron 18 futbolistas de élite, divididos en dos grupos: perfil iceberg y estado de ánimo alterado. Los resultados muestran que los futbolistas presentan un perfil de VFC diferente a los jugadores de baloncesto o hockey hierba, que muestran un perfil de VFC bastante parecido. En los futbolistas con perfil iceberg, el factor de Vigor correlaciona negativamente con los parámetros LF/HF y %LF, y positivamente con el parámetro HF%. En los futbolistas con estado de ánimo alterado, el factor de Fatiga correlaciona negativamente con los parámetros pNN50 y HF. Los resultados permiten profundizar en el estudio de la VFC en deportes de equipo para adaptar mejor los seguimientos, así como obtener indicadores de estado de ánimo relacionados con la VFC.

  6. Análisis de la variabilidad espacio-temporal de la precipitación en una microcuenca urbana, Bogotá, Colombia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rodríguez Sandoval Erasmo Alfredo

    2008-12-01

    Full Text Available Los diseños de alcantarillados pluviales y combinados normalmente se realizan bajo el supuesto de que la precipitación es constante en tiempo y espacio para áreas inferiores a 1 km2. Con el fin de aportar al conocimiento de la variabilidad espacio-temporal de la precipitación en cuencas urbanas de este tipo, y de determinar su impacto en el diseño de alcantarillados y, más aún, en los caudales de escorrentía obtenidos a partir de la aplicación de modelos matemáticos rigurosamente calibrados y validados, se ha instrumentado densamente la microcuenca urbana del campus de la Universidad Nacional de Colombia, sede Bogotá. En este artículo se describen los análisis detallados del evento más importante en términos de intensidad y precipitación total.

  7. Análisis de la variabilidad espacio-temporal de la precipitación en una microcuenca urbana, Bogotá, Colombia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Erasmo Alfredo Rodríguez Sandoval

    2008-01-01

    Full Text Available Los diseños de alcantarillados pluviales y combinados normalmente se realizan bajo el supuesto de que la precipitación es constante en tiempo y espacio para áreas inferiores a 1 km2. Con el fin de aportar al conocimiento de la variabilidad espacio-temporal de la precipitación en cuencas urbanas de este tipo, y de determinar su impacto en el diseño de alcantarillados y, más aún, en los caudales de escorrentía obtenidos a partir de la aplicación de modelos matemáticos rigurosamente calibrados y validados, se ha instrumentado densamente la microcuenca urbana del campus de la Universidad Nacional de Colombia, sede Bogotá. En este artículo se describen los análisis detallados del evento más importante en términos de intensidad y precipitación total.

  8. Perfil psicofisiológico de rendimiento en nadadores basado en la variabilidad de la frecuencia cardíaca y en estados de ansiedad precompetitiva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Julio C\\u00E9sar Cervantes Bl\\u00E1squez

    2009-01-01

    Full Text Available Nuestro objetivo fue analizar la influencia del estrés competitivo sobre el estado psico fisiológico en un grupo de nadadores. Se utilizó el cuestionario CSAI-2 (Competitive State Anxiety Inventory 2 y se aplicó un análisis espectral para relacionar el estado de ansiedad precompetitiva con la variabilidad de la frecuencia cardiaca (VFC. Los resultados han mostrado que con un mayor nivel de ansiedad precompetitiva, los parámetros HFms2 y HF nu. relacionados a la actividad parasimpática, decrecieron significativamente (p < 0,05, mientras que el parámetro LF/HF %, relacionado con la actividad simpática, mostró un incremento significativo (p < 0,01. Bajo estas condiciones el rendimiento mejoró de manera significativa (p < 0,05. El análisis de la VFC puede ser utilizado como una técnica rápida y no invasiva para evaluar objetivamente el estrés competitivo y su relación con el rendimiento. En base al modelo IZOF (Hanin, 2003 se propone determinar el perfil psicofisiológico precompetitivo de cada nadador.

  9. Estudio de la variabilidad en el veneno de 2 poblaciones de Bothriechis schlegelii del suroeste y norte de Antioquia y correlación morfométrica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabiola Toro

    2000-02-01

    Full Text Available

     

    Las serpientes pertenecen a la clase reptiles, orden escamados y suborden ofidios. Surgieron durante el periodo cretáceo hace aproximadamente 120 millones de años. La evolución de las formas venenosas es un poco más reciente, posiblemente hace unos 30 millones de años. Actualmente se conocen unas 3200 especies de serpientes de las cuales unas 1300 son venenosas, agrupadas en cuatro familias: Colubridae (cazadoras opistoglifas, Elapidae (corales, Hydrophiidae (serpientes marinas y Viperidae (víboras subfamilia Crotalinae (de fosa. La víbora Bothriechis schlegelii, es una serpiente arborícola que se distribuye desde Centroamérica hasta Suramérica (Venezuela, Ecuador y Colombia. En Colombia la especie se encuentra en las 3 cordilleras, en los valles interandinos y en las llanuras del Caribe y del Pacífico hasta los 2.640 metros sobre el nivel del mar. Su talla máxima es de 83 cm y el accidente por ella ocupa el primer lugar en las zonas cafeteras y en el norte de Antioquia. Además a esta especie se le ha demostrado variación en el patrón de coloración en las regiones del Suroeste y norte de Antioquia.

    Variabilidad del Veneno: Los estudios de variabilidad en los venenos de las serpientes han comprendido el análisis con respecto a la zona geográfica, a la ontogenia, al régimen alimenticio y a la época del año, tanto de manera intraespecie como interespecie. Se ha observado que algunas especies aisladas reproductivamente por barreras naturales, presentan variaciones en la composición del veneno. En la especie Daboia russelli se reportó variabilidad geográfica en el veneno, hallazgo importante para el tratamiento, ya que el antiveneno producido con especimenes continentales, no es efectivo para

  10. Variabilidade espacial das propriedades físicas e químicas do solo em áreas intensamente cultivadas Spatial variability of physical and chemical properties of soil in intensively cultivated areas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gláucia de Mello

    2006-06-01

    Full Text Available Neste trabalho, avaliou-se a variabilidade espacial das propriedades físicas e químicas do solo, visando fornecer subsídios ao manejo localizado de insumos. Foram analisadas as variáveis químicas: P, MO, K, Ca, Mg, pH, CTC e V(% e físicas: areia e argila. Coletaram-se amostras de solo em duas profundidades (0-0,2 e 0,6-0,8 m situadas em malha irregular de amostragem na região de Monte Alto, num Argissolo Vermelho-Amarelo (PVA, sob diferentes manejos, perfazendo 88 pontos em área total de 1465 ha; e na região de Jaboticabal, em Latossolo Vermelho (LV cultivado com cana-de-açúcar, perfazendo 128 pontos, em área total de 2597 ha. As propriedades químicas e físicas dos solos estudados apresentaram dependência espacial, com exceção da CTC na profundidade de 0,6-0,8 m para o solo LV; Ca e argila na profundidade de 0-0,2 m, e P, MO, K, Mg e argila na camada de 0,6-0,8 m, no solo PVA. As variáveis estudadas ajustaram-se aos modelos esférico e exponencial, e algumas apresentaram semivariograma sem estrutura definida. O solo PVA apresentou menor continuidade espacial das propriedades químicas e físicas, principalmente na profundidade 0,6-0,8 m, camada que sofre menor influência antrópica. O solo LV apresentou zonas mais homogêneas de fertilidade e granulometria.The spatial variability of physical and chemical properties of soil were evaluated to provide subsidies for management of the agricultural input. The chemical variables: P, organic matter (OM, K, Ca, Mg, pH, CEC and base saturation (BS; and physical variables: sand and clay were analysed. Soil samples were collected at two depths (0-0.2 and 0.6-0.8 m located at irregular mesh of sampling in the region of Monte Alto, in a Yellow-Red Podzol (Alfissolo (PVA, under different managements, resulting in 88 points in 1465 ha of total area; and at the region of Jaboticabal in a Red Latosol (LV cultivated with sugarcane, resulting in 128 points in 2597 ha of total area. The chemical

  11. Relación entre la variabilidad espacial de la conductividad eléctrica y el contenido de sodio del suelo Relationship between spatial variability of electrical conductivity and soil sodium content

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Matías Bosch Mayol

    2012-12-01

    Full Text Available La agricultura de precisión utiliza herramientas modernas capaces de facilitar la obtención y análisis de datos georreferenciados. La conductividad eléctrica aparente (CEa del suelo, se obtiene con sensores remotos y está correlacionada con algunas propiedades del suelo (capacidad de almacenamiento de agua, contenido de materia orgánica, salinidad y drenaje, topografía, manejos previos y texturas entre otras. El exceso de sales puede ser perjudicial para las plantas mientras que altos contenidos de sodio intercambiable pueden provocar daños físicos y químicos en el suelo, afectando el crecimiento de los cultivos. Se seleccionaron 3 lotes con una superficie promedio de 80 ha, regados con pivote central, en el sudeste de la provincia de Buenos Aires, Argentina. En cada lote se midió la CEa georreferenciada con un sensor de medición directa. Con los datos obtenidos se confeccionaron mapas de CEa utilizando técnicas de interpolación espacial (Kriging. Los campos fueron divididos en zonas de igual rango de CEa, para tomar muestras de suelo en las que se midió humedad gravimétrica (θg, CE del extracto de saturación (CEe y cationes solubles (Na+, Ca+2 y Mg+2. Se calculó la relación de adsorción de sodio (RAS. Los datos fueron analizados estadísticamente utilizando el procedimiento PROC MIXED de SAS. Se observó variabilidad espacial de la CEa y se detectó una asociación entre la CEa y el RAS. Existe una relación significativa entre la CEa, la CEe y el contenido de sodio del suelo, diferenciándose estadísticamente los contenidos de Na+ entre las diferentes zonas de CEa de cada lote. Los sensores de medición directa de CEa son herramientas eficaces para la estimación espacial del contenido de sodio del suelo.Precision agriculture utilizes modern tools in order to obtain and analyze georreferenced data. Direct measuring sensors of soil apparent electrical conductivity (ECa are part of these modern tools and are widely used to

  12. Temporal variability of the bivalve Erodona mactroides BOSC, 1802 during and after the El Niño phenomenon (2002/2003 in a subtropical lagoon, southern Brazil Variabilidade temporal do bivalve Erodona mactroides BOSC, 1802 durante e após o fenômeno El Niño (2002/2003 em uma laguna subtropical, sul do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leonir André Colling

    2010-12-01

    affects its persistence through time due to adverse conditions that influence species development like events of fine sediment deposition.OBJETIVO: O objetivo do presente trabalho foi avaliar as relações entre a variabilidade temporal de Erodona mactroides e os parâmetros abióticos da coluna d'água e do substrato em uma enseada rasa da região estuarina da Lagoa dos Patos, sul do Brasil; MÉTODOS: As amostras foram coletadas com um extrator de PVC (10 cm de diâmetro, enterrado a 10 cm no interior do sedimento, entre Outubro/02 e Dezembro/04. Em cada mês foram coletadas 18 amostras biológicas, seis réplicas de sedimento para análises granulométricas e teor de matéria orgânica, além de 12 réplicas quinzenais de experimentos de deposição de sedimentos. A salinidade, temperatura da coluna d'água, profundidade e vazão do estuário foram medidas diariamente. Os parâmetros abióticos e densidades do bivalve entre os meses em que foram observados eventos de mortalidade foram testados através de ANOVA (Uma via, p = 0,05, e a variabilidade sazonal de E. mactroides foi testada através da análise de Kruskal-Wallis (p = 0,05. Foi aplicada análise de Regressão entre os dados abióticos e Correlação de Spearman "R" entre os dados biológicos de densidade e parâmetros ambientais; RESULTADOS: Foram identificados dois períodos com características distintas: no início do estudo foram registradas condições limnéticas na região estuarina devido ao fenômeno ENSO - El Niño 2002/2003, quando foi registrada a ausência de E. mactroides, maiores percentuais de sedimento finos e menores percentuais de matéria orgânica. O segundo período foi caracterizado pela diminuição da influência do El Niño e predominância de condições mixohalinas, recrutamentos e pelo aumento das densidades médias de E. mactroides com sucessivos decréscimos no número de organismos devido a três eventos de mortalidade, menores percentuais de sedimentos finos e maiores

  13. Reciclagem de Precipitação na Bacia Amazônica: O Papel do Transporte de Umidade e da Evapotranspiração da Superfície

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vinícius Machado Rocha

    Full Text Available Resumo O objetivo desse trabalho é avaliar a distribuição dos componentes do balanço de água e da reciclagem de precipitação na bacia amazônica, abordando os mecanismos físicos associados ao processo de reciclagem. De forma geral, a bacia amazônica se comporta como um sumidouro de umidade da atmosfera, recebendo vapor d'água tanto do transporte de origem oceânica quanto da evaportranspiração da floresta por meio do processo de reciclagem de precipitação. Em escala regional, a Amazônia representa uma importante fonte de umidade para outras regiões da América do Sul, contribuindo para o regime da precipitação em outras áreas do continente. Na média, a reciclagem de precipitação é da ordem de 20% na bacia amazônica, com valores variando entre 15% na porção norte e 40% na porção sul. Dessa forma, do total da precipitação na bacia, aproximadamente, 20% é decorrente do processo de evapotranspiração local; indicando que, a contribuição local para a precipitação total representa um percentual significativo no balanço de água regional e desempenha um importante papel no ciclo hidrológico amazônico. Entretanto, as variabilidades e mudanças no sistema climático devido tanto às variações naturais quanto antropogênicas (aumento na emissão de gases estufa e desflorestamento podem afetar a reciclagem e o ciclo hdrológico regional.

  14. TEORIA E APLICAÇÃO DA GEOMETRIA HIDRÁULICA: REVISÃO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernando Grison

    2011-12-01

    Full Text Available Desde a criação da teoria da geometria hidráulica, um elevado número de trabalhos foi desenvolvido em relação a essa teoria e sua aplicação. O presente estudo teve o objetivo de revisar a definição dessa teoria, formas pelas quais ela vem sendo estudada e os principais métodos aplicados para interpretação dos seus resultados. As principais descobertas mostram que, com aumento da vazão, a velocidade e a profundidade aumentam mais rapidamente do que a largura das seções transversais e que a variação da largura nos canais com leito rochoso é semelhante àquela com leito aluvial. Foi claramente observado que as relações matemáticas da geometria hidráulica, que se diferenciam pela mudança da potência do escoamento do curso d’água, vêm sendo detalhadamente estudadas. Vários tipos de clima e formações geológicas foram avaliados para verificar suas influências nos expoentes da geometria hidráulica. Além disso, também se investigou o motivo das grandes variações dos valores desses expoentes. A vazão dominante está intimamente correlacionada com a área de drenagem e, a partir disso, foram desenvolvidas as Equações Regionais da Geometria Hidráulica. Outros trabalhos mostraram o comportamento dos sedimentos com relação às mudanças na forma dos cursos d’água. O tópico mais explorado na geometria hidráulica é a modelagem matemática, que foi utilizada principalmente para investigar a influência da forma de uma seção transversal e do leito de um canal em nível de margens plenas no comportamento das variáveis hidráulicas. A modelagem matemática também foi empregada para verificar a variabilidade espacial da geometria hidráulica devido à localização das seções transversais. As aplicações da geometria hidráulica encontram-se, na prática, tal como em projetos de revitalizações de rios e projetos de gerenciamento de recursos hídricos.

  15. Utilizações da WISC-III na avaliação neuropsicológica de crianças e adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mário R. Simões

    2002-01-01

    Full Text Available Este texto pretende evidenciar os principais contributos da Terceira Edição da Escala de Inteligência de Wechsler (WISC-III para a avaliação neuropsicológica de crianças e adolescentes. Alguns indicadores são objeto de exploração: Quociente Intelectual da Escala Completa, Quociente Intelectual verbal, Quociente Intelectual de realização, discrepância(s entre QIv e QIr, Índices Factoriais, análise por subteste,variabilidade inter-testes, formas reduzidas, avaliação do nível de funcionamento cognitivo pré-mórbido, testes neuropsicológicos e funções psicológicas examinadas a partir da WISC-III. Neste contexto, são revistos alguns dos principais estudos com grupos clínicos de crianças com lesão cerebral traumática, cancro, espinha bífida, hidrocefalia, epilepsia. É feita uma referência breve ao futuro próximo da investigação relativa à utilização neuropsicológica da WISC-III.

  16. Filosofia da análise da estabilidade da liquidez

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rodrigo Antônio Chaves da Silva

    2005-07-01

    Full Text Available A informação foi considerada finalidade de nosso conhecimento, até o período em os pensadores e pesquisadores da contabilidade passaram a raciocinar sobre o conteúdo e o significado dos informes. Nesta busca da razão sobre os estados patrimoniais, surgiu a análise contábil que procura por meio de relações e identidades, o significado da dinâmica expressa da estaticamente na informação. O primeiro aspecto que surgiu no objeto de análise foi o estudo da liquidez, que é um dos principais exercícios do patrimônio. A estabilidade também é outro exercício básico e imprescindível, pois este é que promove o equilíbrio do organismo administrativo. A ciência contábil após a sua dignidade científica passou a trilhar caminhos esplendorosos, amparados em doutrina que permite alcançar os píncaros filosóficos. Os estudos concernentes aos aspectos de interação da estabilidade na liquidez são, complexos e somente com os recursos filosóficos da contabilidade se pode estudá-los com o panorama holístico e sublime. A filosofia da contabilidade não é alheia às suas práticas tecnológicas, podendo buscar pontos sublimes de panoramas abrangentes, para o estudo analítico da liquidez e estabilidade, observando todas as dimensionalidades e essencialidades de acontecimentos, na comprovação e orientação dos estados de ineficácia e eficácia patrimonial.

  17. Caracterização da exposição de população a organoclorados: uma aplicação da análise de cluster

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Raphael Mendonça Guimarães

    2013-06-01

    Full Text Available O presente trabalho objetivou apresentar os resultados da aplicação da análise de agrupamento (cluster para a caracterização da exposição a organoclorados, através de variáveis relacionadas ao tempo e à dose de exposição. Características de 354 sujeitos de uma população exposta a resíduos de pesticidas organoclorados relacionadas ao tempo e à dose de exposição foram submetidas à análise de cluster para separá-las em subgrupos. Foi realizada a análise de cluster hierárquico. Para avaliar a precisão da classificação, foram comparadas a variabilidade intragrupo e a variabilidade inter-grupos através do teste de ANOVA para cada dimensão. A estratégia de agregação foi realizada pelo método de Ward. Para criação dos clusters, foram comparadas as variáveis associadas à exposição e às rotas de contaminação. As informações referentes às doses estimadas de ingesta do composto foram usadas para ponderar os valores de tempo de exposição a cada uma das rotas, de forma a obter valores proxy de intensidade de exposição. Os resultados indicaram 3 clusters: o cluster 1 (n = 45, com características de maior exposição; o cluster 2 (n = 103, de exposição intermediária, e o cluster 3 (n = 206, de menor exposição. As análises bivariadas realizadas com os grupos evidenciaram que são grupamentos com diferença estatisticamente significativa. Este estudo evidenciou a aplicabilidade da análise de cluster para categorizar populações expostas a organoclorados, e aponta para a relevância de estudos tipológicos que possam contribuir para uma melhor classificação de sujeitos expostos a agentes químicos, condição típica dos estudos de epidemiologia ambiental, para uma mais ampla compreensão dos aspectos etiológicos, preventivos e terapêuticos da contaminação.

  18. Variabilidade genética entre populações de Pistia stratiotes Genetic diversity of Pistia stratiotes populations

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    L.R. Cardoso

    2005-06-01

    Full Text Available O manejo de plantas daninhas em ambientes aquáticos requer cuidado diferencial e específico, a fim de evitar a contaminação ou alteração nas funções dos corpos hídricos e otimização do custo-benefício das operações. O estudo das características genéticas de populações de plantas daninhas aquáticas fornece informações que podem auxiliar no seu controle e manejo. A alface-d'água é uma planta aquática flutuante livre amplamente distribuída em todo o Brasil, mas é em ambientes aquáticos eutrofizados que essa e outras espécies de rápido desenvolvimento causam problemas sociais e econômicos, devido à grande massa vegetal produzida. Este estudo caracterizou geneticamente populações de alface-d'água coletadas em 15 reservatórios de hidrelétricas (Barra Bonita-BAB, Bariri-BAR, Ibitinga-IBI, Chavantes-CHA, Salto Grande-SAG, Jurumirim-JUR, Promissão-PRO Jaguari-JAG, Nova Avanhandava-NAV, Mogi-Guaçu-MOG, Limoeiro-LIM, Três Irmãos-TRI, Ilha Solteira-ILS, Jupiá-JUP e Porto Primavera-PPR do Estado de São Paulo. As análises foram realizadas no NUPAM (Núcleo de Pesquisas Avançadas em Matologia, ligado à FCA/UNESP, campus de Botucatu-SP. A técnica utilizada no estudo da diversidade genética foi o RAPD. Os materiais amostrados nos reservatórios do Estado foram muito similares em sua maioria. As populações de NAV, MOG, IBI, JUR, PRO e CHA foram idênticas geneticamente. BAB e SAG, LIM e TRI também foram muito parecidas, apresentando índice de distância genética de 0,0093 e 0,0178, respectivamente. A grande maioria dos reservatórios estudados (93% apresentou distâncias inferiores a 0,30, formando um grupo definido. No entanto, a população de Jupiá, em média, foi a que apresentou maior diversidade genética (0,45.Weed management in freshwater ecosystems requires accurate and specific care to avoid alteration and contamination in water bodies and to optimize the cost-benefit of management procedures. The

  19. Fuentes de variabilidad en el diagnóstico de gastritis atrófica multifocal asociada con la infección por Helicobacter pylori1

    Science.gov (United States)

    Bravo, Luis Eduardo; Bravo, Juan Carlos; Realpe, José Luis; Zarama, Guillermo; Piazuelo, MarÍa Blanca; Correa, Pelayo

    2014-01-01

    RESUMEN Introducción El mapeo de las diferentes regiones del estómago y el número de fragmentos de mucosa gástrica disponibles para evaluación histopatológica son fuentes importantes de variación en el momento de clasificar y hacer la gradación de la gastritis crónica. Objetivos Estimar la sensibilidad del número de fragmentos de mucosa gástrica necesarios para establecer los diagnósticos de gastritis atrófica con metaplasia intestinal (MI), displasia y estado de infección por Helicobacter pylori. Además evaluar la variabilidad intra-observador en la clasificación de estas lesiones precursoras del cáncer gástrico. Materiales y métodos En una cohorte de 6 años de seguimiento se evaluaron 1,958 procedimientos de endoscopia realizados por dos gastroenterólogos. En cada procedimiento y de cada participante se obtuvieron 5 biopsias de mucosa gástrica que representaban antro, incisura angularis y cuerpo. Un único patólogo hizo la interpretación histológica de las 5 biopsias y proporcionó un diagnóstico definitivo global que se utilizó como patrón de referencia. Cada fragmento de mucosa gástrica examinado condujo a un diagnóstico individual para cada biopsia que se comparó con el patrón de referencia. La variabilidad intra-observador se evaluó en 127 personas que corresponden a una muestra aleatoria de 20% del total de endoscopias hechas a los 72 meses de seguimiento. Resultados La sensibilidad del diagnóstico de MI y displasia gástrica aumentó de manera significativa con el número de fragmentos de mucosa gástrica evaluados El sitio anatómico de mayor sensibilidad para el diagnóstico de MI y displasia fue la incisura angularis. Para descubrir H. pylori se logró alta sensibilidad con el estudio de un solo fragmento de mucosa gástrica (95.9%) y fue independiente del sitio de obtención de la biopsia. El acuerdo intra-observador para el diagnóstico de gastritis crónica fue 86.1% con valor kappa de 0.79 IC 95% (0.76-0.85). Las

  20. Spectral analysis of cardiac rate variability Análisis espectral de la variabilidad de la frecuencia cardíaca

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Diego Luis Alvarez Montoya

    1999-02-01

    Full Text Available In the last years relationship between autonomic nervous system (ANS function and cardiovascular mortality has been recognized. This has motivated research to find quantitative markers of autonomic balance. Heart rate variability (HRV is one of the most promising methods. HRV is defined as the variations occurred in the time interval between consecutive heartbeats and it is thought to depend on the ANS modulation. Tacogram (recording of cardiac frequency in time is used to evaluate HRV. The study of HRV started 30 years ago and has gained importance in the last 10 years. There are several methods to evaluate HRV. The most accepted today are frequency domain methods (spectral analysis. Spectral analysis consists in the decomposition in order to obtain the spectral components. There are high frequency components (HF, related to vagal tone, low frequency (LF components, related to the modulation of both sympathetic and vagal modulation, and very low frequency components which have not been related to any physiological variable. Time domain methods, are basically statistic and evaluate variability using means and standard deviations. These methods seem to have less advantages than spectral methods. HRV is correlated with physiological adaptations to changes in internal and external environment and to the presence of diseases. This article presents the main techniques in the time and frequency domains and their relationship with physiological changes and specific diseases. En los últimos años, se ha reconocido la relación existente entre el funcionamiento del sistema nervioso autónomo (SNA y la mortalidad cardiovascular. Esto ha motivado la búsqueda de marcadores cuantitativos del balance autonómico. La Variabilidad de la Frecuencia Cardíaca (VFC representa uno de los más promisorios. La VFC se define como la variación que ocurre en el intervalo de tiempo entre latidos consecutivos y se ha propuesto que su comportamiento depende de la

  1. Genetic variability and vegetative compatibility of Erythricium salmonicolor isolates Variabilidade genética e compatibilidade vegetativa de isolados de Erythricium salmonicolor

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernanda Luiza de Souza Sebastianes

    2007-01-01

    Full Text Available The Pink Disease is caused by Erythricium salmonicolor, which attacks broad hosts, such as citrus, coffee, rubber, Eucalyptus spp. and Acacia spp., infecting mainly branches. This disease became a serious problem in Brazil, reducing the citrus production up to 10%. However the genetic diversity and compatibility of the fungus E. salmonicolor from Brazilian citrus plants is not yet evaluated. Therefore, the aims of this study were to evaluate: i the genetic variability of E. salmonicolor in the São Paulo and Minas Gerais States by the RAPD technique, and ii the vegetative compatibility between these isolates. After RAPD analysis, six distinct groups were observed without correlation between the isolation site or host species. In the vegetative compatibility test, the contact of fungal hyphae between all evaluated crosses was observed, of which 84% presented hyphal fusion. Although the compatibility between strains was observed, no correlation between RAPD haplotypes and hyphal anastomosis was verified. These results show the importance of future studies on the sexual cycle of E. salmonicolor, since hyphal fusion, which precedes the formation of heterokaryons (sexual and parasexual reproduction that could be responsible for the genetic variability in this species.A rubelose é uma doença causada pelo fungo Erythricium salmonicolor que atinge muitos hospedeiros, como citros, café, seringueira, eucalipto, Acacia sp., infectando principalmente os galhos. Rubelose é um sério problema para o Brasil, reduzindo a produção de citros em valores próximos de 10%. A diversidade do fungo E. salmonicolor em cultivares brasileiras ainda não foi avaliada. Este trabalho teve como objetivos: i avaliar a variabilidade genética, por meio de RAPD, de 19 isolados de E. salmonicolor provenientes de diferentes regiões citrícolas de São Paulo e Minas Gerais, ii avaliar a compatibilidade vegetativa e fusão de hifas do fungo E. salmonicolor. Após a an

  2. Variabilidad de la Estación de Crecimiento en la Región Sur de Tamaulipas en condiciones climaticas actuales y futuras.

    Science.gov (United States)

    Medina-Barrios, M.; Conde-Alvarez, C.; Gay-Garcia, C.

    2007-05-01

    El impacto de la variabilidad y cambio climáticos, afectan el potencial agrícola de la Región Sur de Tamaulipas. Además de los cambios estacionales, bajos rendimientos agrícolas, el manejo de los cultivos y las políticas locales de producción, existe la incertidumbre del mercado regional para los pequeños y grandes productores. La diversificación agrícola ha sido una alternativa para enfrentar las condiciones imperantes en esta región. Pero ésta ha provocado la fragmentación territorial, por lo que sólo algunos productores logran competir en un mercado nacional. Existe una preocupación generalizada por buscar soluciones que permitan que la población que es afectada por la inseguridad de la producción agrícola y económica, pueda adaptarse a las variaciones climáticas que afectan el proceso productivo. La seguridad alimentaría queda sujeta a la fluctuación de las importaciones para los sectores básicos y a las estrategias mercantiles de empresas trasnacionales. La percepción local sugiere un número creciente de eventos climatológicos extremos, constantes y severos en los últimos 20 años, con el aumento creciente de pérdidas económicas. El análisis se centra en la disponibilidad de agua, agregándose un aspecto de capital importancia como es la variabilidad interanual de la lluvia, que condiciona muy fuertemente el riesgo agrícola en el trópico seco, siendo ésta la que determina el momento de inicio de la estación favorable para el crecimiento y su duración. En este trabajo se han obtenido modelos de la distribución espacial de la precipitación y temperaturas, para el escenario base 1961-1990, el escenario actual 1971-2000, para algunos años El Niño y La Niña, así como para los escenarios de Cambio Climático HADLEY, ECHAM y GFDL, con escenarios A2 y B2, para las décadas de los 20s y 50s, para establecer el inicio y duración de la Estación de Crecimiento, utilizando Sistemas de Información Geográfica (ArcView). Estos

  3. Uso de la variabilidad de la frecuencia cardiaca como marcador de los efectos cardiovasculares asociados con la contaminación del aire

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Riojas-Rodríguez Horacio

    2006-01-01

    Full Text Available Estudios epidemiológicos han demostrado la relación entre los contaminantes atmosféricos y el incremento en la mortalidad por causas cardiovasculares, en especial en personas con enfermedad cardiopulmonar previa. Sin embargo, los mecanismos fisiopatológicos mediante los cuales estos padecimientos ocurren no son bien conocidos. Se ha sugerido que una de las vías mediante las cuales las partículas suspendidas respirables y otros contaminantes producen su efecto es alterar la regulación del corazón por el sistema nervioso autónomo. El análisis de los cambios en la variabilidad de la frecuencia cardiaca (VFC es un indicador de efecto sobre este mecanismo. En este trabajo se realiza una revisión de las bases fisiológicas de este método, de sus ventajas y limitaciones y de los resultados que se obtienen al relacionarlo con la exposición a contaminantes atmosféricos. A partir del análisis de la literatura disponible, se sugieren alternativas relacionadas con el diseño de los estudios, la selección de poblaciones en riesgo, los métodos para evaluar la exposición y los métodos de análisis estadístico que pueden servir para utilizar mejor el análisis del registro electrocardiográfico ambulatorio en relación con los riesgos cardiacos por exposición a contaminantes atmosféricos.

  4. Variabilidad temporal del PM10 en Bahía Blanca (Argentina y su relación con variables climáticas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alicia M. Campo

    2017-01-01

    Full Text Available La contaminación atmosférica afecta a ciudades y países de todo el planeta. Uno de los conta- minantes atmosféricos más comunes es el material particulado atmosférico, que tiene directa incidencia sobre la salud de la población (OMS, 2006. Las condiciones meteorológicas definen en gran medida su concentración a nivel troposférico. Por consiguiente, el objetivo del presente trabajo es analizar la variabilidad temporal del PM10 de la ciudad de Bahía Blanca (Argentina, estableciendo posibles relaciones entre dicho comportamiento y variables físicas y antropogéni- cas que pueden incidir en su dinámica. Se observó que la concentración del material particulado en Bahía Blanca se relaciona con factores naturales y antropogénicos. El flujo vehicular y las actividades portuarias, principalmente el transporte y almacenamiento de granos, favorecen la producción del contaminante. Esto se manifiesta en una distribución diferencial a lo largo del día y entre días laborables y no laborables. La alta concentración de PM10 se ve afectada por la presencia de vientos de componente Norte y de altas velocidades, que suelen estar acompañados de nubes de polvo y humo. También fenómenos naturales, como la erupción del Complejo Vol- cánico Puyehue-Cordón Caulle, inciden en los valores hallados.

  5. Variabilidad genética de Hartón del Valle mediante RAM Genetic variability of Harton del Valle by RAM

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana M Piedrahíta

    2008-01-01

    Full Text Available El Hartón del Valle (HV hace parte de las siete razas criollas de ganado bovino colombiano y de acuerdo con los criterios de la FAO está considerado como vulnerable. Para estudiar su variabilidad genética fueron muestreados 33 individuos HV y tres animales de la raza Holstein, como control externo. Se extrajo ADN utilizando el método de Salting Out y las muestras fueron analizadas mediante la técnica molecular RAM (Randon amplified microsatellites. Se utilizaron los cebadores CGA, CCA, TG, y CT. El valor promedio de heterocigosidad esperada fue de 0.26 y el F ST fue 0.39 ± 0.03. Con el índice de Dice-Nei Li y agrupando con el método UPGMA se distinguieron dos grupos: uno integrado por dos hatos de conservación y el otro por cuatro fincas que han compartido reproductores.Harton del Valle (HV breed belong to the seven Creole breeds of the Colombian bovine livestock, according to FAO criteria it is considered as vulnerable. To study its genetical variability, 33 HV animals and three and 3 animals of Holstein breed as a external control were sampled. Simples of DNA were isolated using the Salting Out method and RAM (Random amplified microsatellites technique was used. CGA, CCA, TG and CT primers were used. The mean value of expected heterocigozity was 0.26 and F ST fue 0.39 ± 0.03. Using Dice-Nei Li index and UPGMA clustering method, two groups were distinguished: the first one integrated for two conservation herds and other one by tour faros that have been sharing breeding bulls.

  6. Variabilidade fenotípica na síndrome do cromossomo supernumerário der(22t(11;22 (síndrome de Emanuel Phenotypical variability in supernumerary chromosome der(22t(11;22 syndrome (Emanuel syndrome

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rafael Fabiano M. Rosa

    2010-09-01

    Full Text Available OBJETIVO: Relatar dois pacientes com a síndrome de Emanuel (SE ou cromossomo supernumerário der(22t(11;22, secundária a translocações balanceadas familiares, apresentando fenótipos distintos. DESCRIÇÃO DE CASO: O primeiro paciente é uma menina branca de cinco anos de idade, apresentando hipotonia, atraso no desenvolvimento neuropsicomotor, movimentos estereotipados, microcefalia, ptose palpebral, orelhas proeminentes, fossetas e apêndices pré-auriculares, e imperfuração anal. As avaliações adicionais identificaram hipoplasia cerebral e estenose da válvula pulmonar. Possuía história também de laringotraqueomalácia e fenda palatina. O segundo paciente é um menino branco de seis meses de idade com hipotonia, movimentos coreoatetóticos, déficit de crescimento, microcefalia, microssomia hemifacial, fenda palatina, microtia, apêndices pré-auriculares e polegares proximalmente implantados. A ecocardiografia demonstrou estenose da válvula pulmonar, comunicação interatrial e interventricular, persistência do canal arterial e da veia cava superior esquerda. A radiografia de tórax identificou uma costela cervical. O cariótipo por bandas GTG mostrou a presença, em ambos os pacientes, de um cromossomo adicional der(22t(11;22, secundário a uma translocação balanceada materna no primeiro caso e paterna no segundo caso. COMENTÁRIOS: Apesar de a primeira paciente apresentar achados frequentes da SE, o caso adicional representa a segunda descrição da literatura com um fenótipo de espectro óculo-aurículo-vertebral (EOAV. Assim, ambos salientam a variabilidade clínica observada na SE e a importância da avaliação cariotípica em indivíduos com fenótipo de EOAV.OBEJECTIVE: To report two patients with Emanuel syndrome (ES or supernumerary chromosome der(22t(11;22, secondary to familial balanced translocations, presenting distinct phenotypes. CASES DESCRIPTION: The first patient was a five-year-old white girl presenting

  7. Variability in the clinical practice of maintaining the patency of peripheral intravenous catheters Variabilidad en la práctica clínica del mantenimiento de la permeabilidad de catéteres venosos periféricos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Julio Cabrero

    2005-08-01

    Full Text Available Objective: To establish variations in clinical practice associated with maintaining the patency of peripheral intravenous catheters (PIC and to determine to what extent such clinical practice falls within the limits of the available scientific evidence, based on a random sample of Spanish public hospitals. Methods: A cross-sectional, descriptive study was carried out in non-psychiatric public hospitals and their associated medical and surgical units. Cluster (hospitals, stratified (hospital size, and single-stage (all units sampling was applied. A questionnaire was mailed to all of the units involved. Results: A sample of 341 valid questionnaires was analysed (response rate 54.5%. Only one praxis-modality was carried out in the majority of units. Intermittent flushing and heparin saline versus normal saline was the most frequent modality employed, over those of continuous flushing and non-heparinised saline. There was a high degree of variation in the quantity of heparin administered: 81.7% when flushing was carried out with heparinised saline and 48.2% when it was conducted with concentrated heparin. About 40% of this variation was associated with the hospital in question, rather than with the unit. The clinical practice fell within the limits of available scientific evidence in fewer than half of the units studied. Conclusions: There was a high degree of variability in the practice of maintaining PIC patency. A significant part of this variation was attributable to the hospital in which the practice was carried out. Moreover, most of this practice was carried out beyond the limits of available scientific evidence.Objetivo: Determinar la variabilidad de la práctica clínica en el mantenimiento de la permeabilidad de los catéteres venosos periféricos en una muestra aleatoria de hospitales españoles y determinar en qué medida esta práctica se realiza dentro del rango de la evidencia disponible. Métodos: Estudio descriptivo y transversal.

  8. Variabilidad y confiabilidad de los tiempos registrados de procesos operatorios de cesáreas realizadas en una clínica particular de Lima, Perú, 2011

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Manuel André Virú-Loza

    2013-01-01

    Full Text Available Introducción: La evaluación de la eficiencia es una herramienta útil para una correcta toma de decisiones en los centros de salud. Esta incluye conocer la variabilidad y confiabilidad de los tiempos de procedimientos médicos y quirúrgicos registrados. Objetivos: Determinar la variabilidad y confiabilidad de los tiempos registrados de procesos operatorios de cesáreas. Diseño: Estudio transversal. Institución: Clínica Centenario Peruano Japonesa. Participantes: Registros de pacientes con cesáreas. Intervenciones: A partir del registro operatorio y del registro de las historias clínicas se obtuvo datos médicos y de tiempos operatorios, durante el año 2011. Principales medidas de resultados: Medidas de dispersión de todos los indicadores y coeficientes de correlación intraclases (CCIs entre los registros evaluados. Resultados: El tiempo de traslado del paciente a sala de operaciones presentó la mayor variabilidad y los CCIs entre los registros utilizados con respecto al tiempo de inicio y finalización de las cesáreas fueron 0,902 y 0,901, respectivamente. Conclusiones: En la clínica estudiada, el tiempo de traslado del paciente a sala de operaciones fue el más variable, existiendo un buen grado de confiabilidad entre los registros estudiados. Los análisis de eficiencia y productividad para mejorar procesos quirúrgicos en nuestro medio deben ser publicados para que sirvan de utilidad en otros centros de salud.

  9. Estudo da diversidade genética de Podosphaera xanthii através de marcadores AFLP e seqüências ITS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Erika Sayuri Naruzawa

    2011-06-01

    Full Text Available O meloeiro (Cucumis melo L. é uma frutífera largamente cultivada no Brasil, principalmente no nordeste brasileiro, onde é produzida principalmente para a exportação. Plantas da família do meloeiro, como pepino e abóbora, podem ser severamente afetadas pelo oídio, causado por Podosphaera xanthii.. Este fungo apresenta diversas raças fisiológicas cuja correta identificação é importante para o manejo da doença, já que o uso de variedades resistentes é o método mais eficaz de seu controle. No entanto, a identificação destas raças por meio da prática tradicional de inoculações em uma série diferenciadora de variedades de meloeiro é laboriosa e passível de erros. Devido a isso, um método alternativo seria o uso de marcadores moleculares para determinar de forma rápida a identidade das raças. O objetivo deste estudo foi o de analisar a variabilidade entre isolados de P. xanthii previamente classificados em raças através da técnica de AFLP e do seqüenciamento da região ITS 5.8S do rDNA. A partir dos marcadores AFLP obteve-se um dendrograma no qual não houve separação dos isolados quanto às suas raças, origem geográfica ou hospedeiro de origem. Com esta técnica verificou-se alta variabilidade entre isolados, com similaridade genética máxima de 69% e similaridade mínima de 23%. Ao contrário da informação gerada por AFLP, não foi observada variação na sequência da região ITS 5.8S entre isolados. Desta forma, a análise por AFLP indicou que os isolados tem composição genética heterogênea muito embora este fato não tenha sido evidenciado pelo sequenciamento da região ITS.

  10. Análisis de los componentes espectrales de la variabilidad cardíaca en hombres jóvenes entrenados: comparación del entrenamiento aeróbico y anaeróbico

    OpenAIRE

    Urbina, Adriana; Ortiz Guzmán, Johan Enrique; Mendoza Romero, Dario; Calderón, Carlos Alberto

    2012-01-01

    Introducción La variabilidad de la frecuencia cardíaca (VFC) permite estudiar de forma no invasiva la modulación autonómica de la función cardiovascular. Según el principio de especificidad del entrenamiento, cada tipo de ejercicio produce adaptaciones específicas. Sin embargo, no se ha establecido si este concepto también es aplicable a la VFC. El presente estudio tiene como objetivo comparar los componentes espectrales de la VFC en hombres jóvenes entrenados aeróbicamente y anaeróbicam...

  11. Análisis de la variabilidad y relaciones filogenéticas de las razas equinas autóctonas españolas de aptitud cárnica a partir del ADN mitocondrial

    OpenAIRE

    Gómez Ortiz, María Dolores; Romero, F.; Valera Córdoba, María Mercedes; Jordana, J.; Alonso, M.E.; Azor Ortiz, Pedro Javier

    2008-01-01

    Publicado en el año 2008 en: Revista ITEA, 104 (2), 283-289. http://www.aida-itea.org/index.php/revista/contenidos?idArt=85&lang=esp Webs desde donde descargar las ponencias: http://acteon.webs.upv.es/ Web del congreso: http://www.uco.es/genetica/MERAGEM/xivreunion.htm Se han estudiado la variabilidad y relaciones genéticas de las cuatro poblaciones equinas de aptitud cárnica de España de protección especial (41 muestras) (Burguete (BUR): 10, Jaca Navarra (JAC): 11, Hispano ...

  12. Modelado del efecto de la variabilidad climática local sobre la transmisión de dengue en Medellín (Colombia) mediante análisis de series temporales

    OpenAIRE

    Rúa-Uribe, Guillermo L; Suárez-Acosta, Carolina; Chauca, José; Ventosilla, Palmira; Almanza, Rita

    2013-01-01

    ntroducción. El dengue es una enfermedad de transmisión vectorial de gran impacto en la salud pública. La transmisión del dengue es afectada por factores entomológicos, socioculturales y económicos. Además, la variabilidad climática juega un importante papel en la dinámica de transmisión. Un amplio consenso científico ha indicado que la fuerte asociación entre la enfermedad y las variables climáticas podría ser empleada para desarrollar modelos que expliquen la incidencia de la enfermedad. Ob...

  13. Efecto de las principales variables de diseño en un polipropileno homopolímero en la variabilidad de la elongación a la rotura

    OpenAIRE

    Mogollón Rincón, Enrique Giovanny

    2013-01-01

    La elongación a la rotura de un polipropileno homopolímero llevada a cabo a través de la norma ASTM D638-10 es una prueba que presenta gran variabilidad y por ende baja confiabilidad; entender cuáles parámetros fundamentales de este tipo de materiales influye y en qué medida en esta propiedad es vital para poder predecir su comportamiento a través de modelos que permitan el diseño y control de las variables claves que la afectan -- Este trabajo logro encontrar un modelo que permite predecir e...

  14. Colección, caracterización y conservación de variabilidad genética de Oca (Oxalis Tuberosa Mol) en agroecosistemas paramunos del departamento de Nariño-Colombia

    OpenAIRE

    Rosero Alpala, María Gladys

    2010-01-01

    La oca es uno de los recursos fitogenéticos conservados aun en Colombia por comunidades indígenas. El propósito de este trabajo, por tanto, fue Conocer y conservar la variabilidad genética de Oxalis tuberosa Mol. en agroecosistemas páramunos del Departamento de Nariño (Colombia). Utilizando técnicas de investigación acción-participativa, se realizaron visitas a los resguardos para identificar zonas productoras en los municipios ubicados sobre los 2.500 msnm hasta las áreas de distribución fit...

  15. Efecto de un programa de meditación trascendental sobre el estrés, la flexibilidad psicológica y la variabilidad de la frecuencia cardíaca

    OpenAIRE

    Torruella Barraquer, Lluís

    2016-01-01

    El objetivo de nuestro estudio era conocer la efectividad de un programa de meditación trascendental, orientado en aumentar la flexibilidad psicológica, disminuir el estrés y ganar más variabilidad en la frecuencia cardiaca. La muestra estuvo compuesta por 72 estudiantes universitarios voluntarios y se dividió en tres grupos, 20 en el grupo experimental, los cuales practican meditación con mantra (MT), 29 en el grupo control activo, los cuales aprenden meditación con respiración (MR) y 23 est...

  16. Caracterización de la circulación atmosférica y la temperatura superficial del mar asociadas a extremos de caudal de ríos andinos y su variabilidad en baja frecuencia

    OpenAIRE

    Araneo, Diego C.

    2006-01-01

    El objetivo principal del presente trabajo se centra en determinar los mecanismos asociados a la variabilidad de los caudales de los ríos andinos en relación con la circulación atmosférica y la Temperatura Superficial del Mar (TSM) como forzante del sistema climático. Para la circulación atmosférica el estudio se extiende desde la escala sinóptica a la climática. A lo largo de la Cordillera de los Andes se identifican dos zonas en las cuales el comportamiento de los caudales de los ríos muest...

  17. Validação da escala de liderança para o esporte: versão preferência dos atletas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Augusto Evangelho Hernandez

    Full Text Available Este estudo buscou promover uma validação de constructo da Escala de Liderança para o Esporte, de Chelladurai e Saleh (1978, 1980, versão preferência de liderança, com dados de 706 atletas brasileiros de futebol, judô, natação e atletismo de ambos os sexos. Os participantes da pesquisa pertenciam a diversos clubes esportivos do Rio Grande do Sul. Além disso, na tentativa de produzir uma validação de critério para o instrumento, foram testadas as relações entre a preferência de liderança dos atletas e a dependência e a variabilidade da tarefa, o gênero e a idade dos atletas, prescritas no Modelo Multidimensional de Liderança para o Esporte. As respostas dos atletas ao instrumento foram processadas através do SPSS com análise fatorial, coeficiente alfa de Cronbach e MANOVA. Em geral, os resultados forneceram razoável confirmação à estrutura original da escala, porém a fidedignidade da subescala comportamento autocrático ficou aquém do aceitável. Na discussão, são apresentadas sugestões para a reformulação de alguns itens.

  18. A Sintaxe da Janela

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luís Antônio Jorge

    1993-12-01

    Full Text Available A preocupação fundamenta! do trabalho é de caráter ontológico: esboçar o problema das significações apriorísticas e autônomas dos elementos que compõem a sintaxe arquitetônica. O trabalho elege um desses elementos: a janela. Este artigo parte da aproximação histórica entre a janela e a secção da pirâmide visual, construção imaginária da teoria da perspectiva renascentista. A consideração da janela na linguagem arquitetônica implica reconhecer uma ambigüidade essencial: a janela deve inserir-se ordenadamente no plano da parede - raciocínio típico da modenatura - mas também relacionar-se com a imagem vista através dela, que extrapola o plano, ressaltando a tridimensionalidade - herança da perspectiva renascentista, fundamentada no espaço euclidiano. Ver janela ou ver através da janela são alternativas que se colocam tanto ao observador interno ao edifício, quanto ao externo. Texto de duplaface, a sintaxe da janela versa sobre o relacionamento desses dois lados

  19. Emissão de CO2 do transporte da madeira nativa da Amazônia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Érica Ferraz Campos

    Full Text Available A madeira aplicada à construção é considerada um estoque de carbono. O transporte na cadeia produtiva da madeira implica em emissão de CO2, reduzindo seu estoque líquido. Com base nos dados de 2007 do IBAMA sobre origem, destino e volume de madeira serrada amazônica transportada nacionalmente, a distância média percorrida foi estimada em 1.956km. Fatores de consumo de diesel entre 0,005L/t.km e 0,017L/t.km, equivalentes a fatores de emissão de 12,8gCO2/t.km a 50,6gCO2/t.km, foram identificados em literatura e levantamentos realizados neste estudo. Para quantificar a emissão de CO2, foram analisados quatro modelos de veículos, com diferentes capacidades de carga. A influência da densidade da madeira determinou uma variabilidade de até 210% no resultado final; o peso próprio do veículo, de 30 a 43%. Deslocamentos de 1.000km, com madeira serrada de diferentes densidades, representam entre 1,3 e 6,1% de redução do estoque de carbono da madeira; dados do GHG Protocol indicam valores entre 20,1% e 24,4%. Em 2007, o transporte legal de madeira serrada amazônica teria determinado consumo nacional de diesel estimado entre 0,16% e 0,56%; em termos de emissão nacional, assumindo o ano base de 2005, o resultado teria sido de 0,12% a 0,46%. O estoque líquido potencial, relativo à madeira serrada contabilizada na base DOF 2007 do IBAMA, considerando apenas a redução por transporte, teria potencialmente estocado entre 4,77 e 5,19 x106 tCO2.

  20. Variabilidad espacio-temporal de las comunidades de plantas acuáticas en un humedal de los Llanos de Venezuela

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Anabel Rial B

    2006-06-01

    Full Text Available A fin de describir la variabilidad espacio temporal de las comunidades de plantas acuáticas en un humedal de los Llanos de Venezuela, se estudiaron su riqueza y abundancia, en 14 hábitat, durante un ciclo anual. En los transectos de estudio se identificó un total de 69 especies. Según el análisis de diversidad con interacción de Alatalo y Alatalo el aspecto temporal, es decir el régimen anual de lluvia-sequía y la consecuente variación del nivel del agua, es el factor que ejerce mayor influencia sobre la riqueza de especies, en relación al aspecto espacial, o tipo de hábitat. Según el índice geométrico de las distancias euclídeas, se concluye igualmente que la variación en la abundancia de especies se debe más a las fluctuaciones hidrométricas (estacionalidad que al hábitat considerado.Spatial-Temporal variability of aquatic plant communities in the Venezuelan Llanos. The richness and abundance of aquatic plant communities were studied in 14 habitats of the Venezuelan "llanos" (07º35’- 07º55’ N - 68º50’-69°00’ W, Apure during an annual cycle. Annual means were 27ºC, 115 mm rainfall and 77% relative humidity. A permanent transect was set in each habitat (ten consecutive square meter quadrats from the shore to the water. The plants and the area they covered in each quadrat were recorded monthly for a year. The total richness was 69 species. Alatalo and Alatalo’s diversity analysis indicats that season, and its correlate, water level, influence species diversity and abundance more than habitat (spatial factor: geometric index-Euclidean distance. Rev. Biol. Trop. 54(2: 403-413. Epub 2006 Jun 01.

  1. VARIABILIDAD DE LA TEMPERATURA DE SUPERFICIES EN EL NW DE LA PROVINCIA DE NEUQUÉN A PARTIR DE INFORMCIÓN SATELITAL.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marisa G. Cogliati

    2008-12-01

    Full Text Available La complejidad del terreno y la falta de datos meteorológicos siguiendo el gradiente altitudinal obliga a la exploración de nuevos métodos o esquemas entre los que se encuentra el análisis por medio de modelos o imágenes satelitales. El presente trabajo pretende describir el marco de información con el que se cuenta en el NW neuquino y la introducción de análisis espacial de distribución de la temperatura de superficie a partir de imágenes NOAA- AVHRR con miras a la inclusión futura de nuevos esquemas de estudio. La temperatura del aire presenta gran variabilidad espacial, principalmente en los valores mínimos, una idea de esta distribución puede asociarse a la temperatura de superficie que es obtenida a partir del análisis de imágenes NOAA-AVHRR. Este trabajo presenta el análisis de situaciones particulares de la temperatura de superficie de la zona NW de la Provincia de Neuquén utilizando imágenes de satélites NOAA en alta resolución (AVHRR e imágenes LANDSAT de la región. La temperatura de superficie obtenida utilizando la información de los canales 4 y 5 del sensor AVHRR presenta la distribución espacial de la temperatura del suelo que pone en evidencia la complejidad del comportamiento, asociado al relieve. Se observa la dependencia de las isotermas con la altura, alcanzando los menores valores de temperatura de superficie en los picos. Esta metodología permitiría incorporar información cuya escala consideraría con mayor detalle que en escala sinóptica de la temperatura de superficie de píxeles de aproximadamente 1 km2. El análisis posterior de una mayor cantidad de situaciones, permitiría realizar mapas estacionales de temperatura de superficie en una escala que no es posible obtener con el instrumental que se encuentra instalado en este momento, pudiendo asociarse posteriormente al comportamiento de la temperatura del aire.

  2. Genetic variability of Harton del Valle by RAM Variabilidad genética de Hartón del Valle mediante RAM

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alvarez Franco Luz Angela

    2008-03-01

    Full Text Available Harton del Valle (HV breed belong to the seven Creole breeds of the Colombian bovine livestock, according to FAO criteria it is considered as vulnerable. To study its genetical variability, 33 HV animals and three and 3 animals of Holstein breed as a external control were sampled. Simples of DNA were isolated using the Salting Out method and RAM (Random amplified microsatellites technique was used. CGA, CCA, TG and CT primers were used. The mean value of expected heterocigozity was 0.26 and FST fue 0.39 ± 0.03. Using Dice–Nei Li index and UPGMA clustering method, two groups were distinguished: the first one integrated for two conservation herds and other one by tour faros that have been sharing breeding bulls.El Hartón del Valle (HV hace parte de las siete razas criollas de ganado bovino colombiano y de acuerdo con los criterios de la FAO está considerado como vulnerable. Para estudiar su variabilidad genética fueron muestreados 33 individuos HV y tres animales de la raza Holstein, como control externo. Se extrajo ADN utilizando el método de Salting Out y las muestras fueron analizadas mediante la técnica molecular RAM (Randon amplified microsatellites. Se utilizaron los cebadores CGA, CCA, TG, y CT. El valor promedio de heterocigosidad esperada fue de 0.26 y el FST fue 0.39 ± 0.03. Con el índice de Dice–Nei Li y agrupando con el método UPGMA se distinguieron dos grupos: uno integrado por dos hatos de conservación y el otro por cuatro fincas que han compartido reproductores.

  3. ESTUDIO DE LA VARIABILIDAD ESPACIAL DE LA TEMPERATURA DE SUPERFICIE EN EL NORTE DE LA PROVINCIA DEL NEUQUÉN CON IMÁGENES SATELITALES

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marisa Gloria Cogliati

    2015-12-01

    Full Text Available La zona noroeste de la provincia del Neuquén constituye una zona importante debido a su utilización con fines ganaderos, pero los sistemas áridos o semi áridos como el estudiado en el presente trabajo son vulnerables a procesos de uso del suelo y desertización. En este trabajo se presenta el análisis de la temperatura de superficie obtenida a partir de información del canal térmico del satélite Landsat 7 ETM+ para esa región durante un periodo fresco (otoño-invierno y cálido (primavera-verano. El estudio es parte de un proyecto de análisis geoecológico utilizando imágenes Landsat. La zona no cuenta con estudios de la variabilidad espacial de la temperatura del aire y del suelo debido a la necesidad de contar con redes de información micro o meso meteorológicas que incorporen una mayor densidad espacial de observaciones siguiendo el gradiente altitudinal y la complejidad del terreno debido a que el área es de difícil acceso y ho hay datos de superficie disponibles. Esto hace necesario utilizar métodos alternativos para el estudio de la distribución espacial de variables topo meteorológicas. La información satelital provee información en distintas escalas temporales y espaciales a un menor costo. En el presente trabajo, se obtuvo la radiancia emitida en la superficie utilizando la radiancia medida por el satélite a partir de la ecuación de transferencia radiativa y el modelo MODTRAN con información de reanálisis disponibles en línea. Se analizaron seis escenas libres de nubosidad. La temperatura de superficie presentó un comportamiento correlacionado con la topografía principalmente en el período frío, con una menor relación en verano. La isoterma de 273 K (0 oC alcanzó alturas de 1900 m, restringiéndose a alturas mayores a 3700 m en verano. Las áreas con temperatura menor a 273 K fueron las que presentaron mayores diferencias entre el período cálido y el período frío analizados

  4. VARIABILIDAD GENÉTICA DE PARENTALES Y POBLACIONES F1 INTER E INTRAESPECÍFICAS DE Physalis peruviana L. Y P. floridana Rydb.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    JHON ALEXANDER BERDUGO CELY

    2015-03-01

    Full Text Available RESUMEN La uchuva, Physalis peruviana, es un frutal andino de importancia para la exportación; el principal limitante de su producción en Colombia es el marchitamiento vascular ocasionado por Fusarium oxysporum. En el presente trabajo se propuso generar poblaciones F1 entre parentales contrastantes por su respuesta a éste patógeno y evaluarlas molecularmente como apoyo al conocimiento y uso de los recursos genéticos de la especie. Para ello, cuatro genotipos de P. peruviana y uno de la especie relacionada P. floridana, fueron caracterizados a nivel morfo-agronómico empleando 34 variables cualitativas y 20 cuantitativas, y a nivel molecular con 328 marcadores tipoCOSII y 154 IRGs. Dichos genotipos se utilizaron como parentales para la generación y caracterización molecular de poblaciones F1. Las variables cuantitativas permitieron diferenciar las especies P. floridana y P. peruviana así como genotipos cultivados y silvestres dentro de P. peruviana. Se encontró un 100% de viabilidad en cruces F1 intraespecíficos y un 50% en interespecíficos, siendo viables aquellos donde P. floridana fue receptor de polen. A nivel molecular no se identificaron polimorfismos dentro de P. peruviana pero sí entre P. floridana y P. Peruviana. En una población F1 de 51 individuos generada entre las especies se encontró un total de 127 alelos con un promedio de 3,18 por locus, un PIC de 0,358 y altos valores de heterocigocidad (Ho: 0,737 y He: 0,449. Los análisis de PCA y agrupamiento permitieron discriminar la población F1 en tres grupos, en su mayoría con mayor similitud al parental P. floridana. Lo anterior se reflejó en una distorsión mendeliana del 75% favorecida por la presencia de un 63,75% de alelos maternos. El estudio aporta conocimiento sobre la cruzabilidad en uchuva y la variabilidad genética de genotipos parentales y poblaciones F1.

  5. Meliaceae Juss. no Núcleo Curucutu, Parque Estadual da Serra do Mar, São Paulo – SP. Meliaceae Juss. in Curucutu Nucleus, Serra do Mar State Park, São Paulo – SP

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bárbara Fernandes MELLADO

    2014-06-01

    Full Text Available No presente trabalho foram realizadas descrições e uma chave de identificação para as espécies de Meliaceae registradas no setor de planalto do Parque Estadual da Serra do Mar, Núcleo Curucutu, São Paulo, como parte da flórula local. A variabilidade observada encontra-se de acordo com a descrição em literatura. In this work we carried out a description and a identify key of Meliaceae species recorded in the sector of plateau at Serra do Mar State Park, Curucutu Nucleus as part of local florula. The observed variability is according to the description in the literature.

  6. Propriedades de resistência e rigidez da madeira juvenil e adulta de Pinus taeda L.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ballarin Adriano Wagner

    2003-01-01

    Full Text Available O objetivo do presente trabalho foi o estudo da variabilidade das propriedades de resistência e rigidez à flexão estática e à densidade aparente (12% entre a madeira juvenil e adulta de Pinus taeda L., de 37 anos de idade, procedente do Horto Florestal de Manduri, Estado de São Paulo. Na primeira parte do trabalho foram determinadas a região de madeira juvenil, a região de transição e a região de madeira adulta, por meio de estudos anatômicos (comprimento dos traqueídes axiais, segundo as recomendações das normas ABNT e IAWA. Os resultados mostraram que a região de madeira juvenil dessa espécie ocorre aproximadamente até o 18º anel de crescimento. Na segunda parte do trabalho foram analisados a resistência (módulo de ruptura - MOR à flexão, o módulo de elasticidade (MOE nessa mesma solicitação e a densidade aparente (12% para as madeiras juvenil e adulta. Os resultados mostraram que o MOE e o MOR da madeira juvenil foram menores e mais variáveis que aqueles obtidos para madeira adulta. A densidade apresentou a mesma tendência observada nas propriedades avaliadas no ensaio de flexão estática.

  7. Aplicação da Cadeia de Markov para Dias Secos e Chuvosos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    André Luiz de Carvalho

    Full Text Available Resumo A precipitação é um fenômeno meteorológico importante na região Tropical, caracterizada por sua variabilidade espacial-temporal e eventos extremos associados. Assim, a informação prévia da ocorrência de um dia ser seco ou chuvoso é de extrema importância para diversas atividades humanas, em especial a agricultura. O objetivo desse trabalho foi analisar a ocorrência de dias secos e chuvosos na região de Rio Largo–Alagoas, por meio da Cadeia de Markov. Dados diários de precipitação entre 1973 e 2008 foram utilizados. Na definição de dias secos e chuvosos consideraram-se seis limites de precipitação e, aplicou-se a Cadeia de Markov, para identificar as probabilidades de ocorrências condicionais de dias secos e chuvosos. A região de estudo apresentou estações seca (setembro a março e chuvosa (abril a agosto melhor definidas, considerados valores limites de precipitação entre 0 e 2 mm. Maior ocorrência de dias secos e chuvosos ocorreu de novembro a dezembro (94% e junho a julho (84%, respectivamente. A Cadeia de Markov permitiu concluir que a transição entre dias secos e chuvosos é baixa ao longo do ano.

  8. Avaliação da adequação da ingestão de nutrientes na prática clínica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Dirce Maria Lobo Marchioni

    2011-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Para se avaliar a adequação da ingestão de nutrientes, é necessário determinar qual é a quantidade necessária para as funções normais do indivíduo, bem como a sua ingestão habitual. A necessidade de nutrientes varia de indivíduo para indivíduo, assumindo um coeficiente de variação de 10% a 15%. Além disso, a ingestão individual está sujeita à variação de consumo no dia a dia, conhecida como variabilidade intrapessoal. Considerando que as informações sobre a variação intrapessoal disponíveis na literatura são as da população norte-americana, este estudo tem dois objetivos: (1 disponibilizar valores de desvio-padrão intrapessoal de ingestão de nutrientes estimados em população brasileira, que possam ser aplicados no cálculo da adequação da ingestão de nutrientes; e (2 oferecer valores teóricos que apoiem a tomada de decisão, na prática clínica, quanto à adequação da ingestão de nutrientes selecionados por um indivíduo, calculados com base nos desvios-padrão encontrados e com três níveis de confiabilidade. MÉTODOS: Foram utilizados dados de adolescentes, adultos e idosos que participaram do inquérito de saúde de base populacional no município de São Paulo (Inquérito de Saúde de São Paulo. Foram entrevistados 865 indivíduos, que responderam a um recordatório de 24 horas, replicados em uma subamostra de 294 sujeitos. Esses dados foram utilizados para o cálculo do desvio-padrão por meio de modelos de efeitos aleatórios. RESULTADOS: Os coeficientes estimados variaram de 40% para o zinco, a 127% para a vitamina C. CONCLUSÃO: Os desvios-padrão encontrados podem ser utilizados na avaliação quantitativa da adequação da ingestão de vitamina E, B6, tiamina, riboflavina, cálcio, magnésio, ferro, zinco, sódio, folato e niacina, propiciando mais um elemento formativo do diagnóstico do estado nutricional.

  9. Painéis OSB fabricados com madeiras da caatinga do nordeste do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Fátima Nascimento

    Full Text Available Este trabalho objetivou avaliar a viabilidade da produção de painéis OSB feitos com espécies de madeira da caatinga do nordeste do Brasil - marmeleiro (Croton sonderianus Muell. Arg., jurema-branca (Piptadenia stipulacea (Benth. Ducke e catanduva (Piptadenia moniliformis Benth. - e resina poliuretana bicomponente derivada de mamona. As propriedades investigadas foram: densidade aparente; inchamento em espessura e absorção de água, ambos em 2 h e 24 h; módulo de elasticidade e resistência na flexão, na direção paralela e na direção perpendicular ao painel; adesão interna e arrancamento de parafuso em relação à face, conforme as normas europeias EN. Os resultados das propriedades físicas e mecânicas obtidas evidenciaram a possibilidade da produção em laboratório de painéis OSB com as três espécies analisadas, conforme valores médios e variabilidade de propriedades equivalentes às chapas fabricadas em escala industrial, além de comparados aos requisitos da norma EN 300 (EUROPEAN..., 2006 para painéis dos tipos OSB/3 e OSB/4. Pela análise de variância, os painéis OSB fabricados com strands de madeiras de catanduva apresentaram os melhores resultados para as propriedades mecânicas; para as físicas, os melhores desempenhos foram provenientes dos painéis feitos com madeira de marmeleiro e jurema-branca.

  10. Aspectos genéticos da SAOS Genetic aspects of obstructive sleep apnea syndrome

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriane C. Mesquita Petruco

    2010-06-01

    Full Text Available A fisiopatologia da SAOS é resultante da interação entre fatores genéticos e ambientais. Os mais importantes fatores de risco são obesidade e idade. Outros fatores relevantes são anormalidades craniofaciais, hipotireoidismo, menopausa e uso de álcool e de sedativos. A hereditariedade tem sido relacionada a SAOS pela a associação de SAOS a níveis de HLA, obesidade, síndromes genéticas, etnias, sonolência excessiva, alteração do controle ventilatório, expressão de mediadores inflamatórios, entre outros. Este capítulo aborda a variabilidade genética e fenotípica da doença, demonstrando sua relevância no entendimento da fisiopatologia e na avaliação clínica de SAOS.The physiopathology of obstructive sleep apnea syndrome (OSAS results from the interaction between genetic and environmental factors. The principal risk factors are obesity and age. Other relevant risk factors are craniofacial abnormalities, hypothyroidism and menopause, as well as the use of alcohol and sedatives. By virtue of its association with factors such as HLA levels, obesity, genetic syndromes, ethnicity, excessive sleepiness, alterations in ventilatory control and expression of inflammatory mediators, OSAS has been related to heritability. This chapter addresses the genetic and phenotypic variability of the disease, showing its relevance in the understanding of the physiopathology and clinical evaluation of OSAS.

  11. Climatologia da pluviometria do município de Teresina, Piauí, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hudson Ellen Alencar Menezes

    2016-11-01

    Full Text Available As variações nas precipitações refletem claramente a dinâmica atmosférica da região, marcada pela intensa variabilidade, onde se observa a atuação da Zona de Convergência Intertropical (ZCIT com sua atuação entre os meses de janeiro a março, sendo esse período mais chuvoso. As variabilidades espaço temporal no comportamento das chuvas tem sido analisadas e diagnosticadas por vários autores no Nordeste do Brasil (NEB, portanto objetivou-se diagnosticar a variabilidade dos índices pluviométricos em Teresina no Estado do Piauí no período de 1913 a 2010. A análise do comportamento da precipitação nas cidades de grande e médio porte é de extrema importância para o gerenciamento dos recursos hídricos, uma vez que se trata de áreas densamente urbanizadas. Muitas vezes, sem uma estruturação urbana adequada, estas cidades se encaixam perfeitamente nesse contexto. Foram utilizados dados mensais observados e anuais de precipitação pluviométrica no período de 1913 a 2010, com 97 anos de observações. Os resultados mostraram a recorrência de valores máximos de precipitação anual dentro de um intervalo de 18, 11 e 8 anos. Na análise dos desvios-padrões, os resultados mostraram predominância dos desvios negativos em relação aos desvios positivos.Climatology of rainfall in the Teresina city, Piauí state, BrazilVariations in precipitation clearly reflect the atmospheric dynamics of the region, marked by intense variability, where we observe the performance of the Intertropical Convergence Zone (ITCZ with his performance in the months of January-March, this being more rain tem period. The timeline of rainfall variability in behavior has been analyzed and diagnosed by several authors in Northeast Brazil (NEB, so let's study this variability between the periods 1913 to 2010 of Teresina city.  The behavior of rainfall in cities large and medium sized is of utmost importance to the managerial of water resources, since it

  12. CARACTERÍSTICAS TECNOLÓGICAS DA MADEIRA DE ÁRVORES MATRIZES DE Eucalyptus grandis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Denis L. G. Fernandes

    2004-06-01

    Full Text Available O objetivo do presente trabalho foi caracterizar árvores matrizes de Eucalyptus grandis em relação a características tecnológicas da madeira. Foram selecionadas 63 árvores matrizes, pertencentes a um povoamento comercial localizado no litoral norte do Rio Grande do Sul. As árvores foram abatidas e, com base nos dados dendrométricos, calculou-se o volume comercial com e sem casca, o fator de forma, a conicidade e a relação altura/diâmetro. Quanto à madeira, foi analisada a massa específica básica, os percentuais volumétricos de cerne, alburno e casca, as rachaduras de topo das toras e das tábuas, os empenamentos e os defeitos visuais das tábuas, tais como nós e bolsa de resina. A massa específica básica, cuja média inclui a madeira dessa espécie entre as moderadamente leves a pesadas, mostrou uma tendência decrescente entre o DAP e 25% da altura comercial e, a partir daí, crescente até 100% da mesma. O percentual volumétrico de cerne apresentou valores médios crescentes desde a base até 25% da altura comercial e, a partir daí, diminuiu até 100% da altura comercial, sendo que a média geral foi de 75,7%. O comprimento médio das rachaduras de topo em tábuas de Eucalyptus grandis foi de 63%. A alta porcentagem de rachaduras de topo foi atribuída à posição de retirada das tábuas, próxima à medula. Já a variabilidade das rachaduras de topo encontrada para as toras (CV=60% possibilita a seleção de árvores com menor tendência em apresentar esse defeito.

  13. Rendimento de grãos e margem bruta de cultivares de milho com variabilidade genética contrastante em diferentes sistemas de manejo Grain yield and gross income of maize cultivars with contrasting genetic variability at different management systems

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luís Sangoi

    2006-06-01

    Full Text Available A adequação das características do genótipo com as do sistema de manejo é importante para incrementar a eficiência técnica e econômica da produção de milho no sul do Brasil. Este trabalho foi conduzido com o objetivo de avaliar o rendimento de grãos e a margem bruta obtida com a utilização de cultivares de milho com diferentes variabilidades genéticas em sistemas de produção contrastantes quanto ao investimento em manejo. O trabalho foi conduzido em Lages, SC, utilizando o delineamento de blocos ao acaso com parcelas subdivididas. Na parcela principal, testaram-se quatro sistemas de produção equivalentes a baixo (S1, médio (S2, alto (S3 e muito alto (S4 nível de manejo. Nas subparcelas, avaliaram-se três cultivares: o híbrido simples Pioneer 32R21 (HS, o híbrido duplo Traktor (HD e a variedade de polinização aberta BRS Planalto (VPA. Os sistemas de manejo diferiram entre si quanto à quantidade e à época de aplicação dos fertilizantes, quanto à densidade de semeadura, do espaçamento entre linhas e à suplementação hídrica. Os ensaios foram implantados em 20/11/2002 e 22/10/2003, no sistema de semeadura direta. Independentemente de cultivar, o rendimento de grãos e a margem bruta aumentaram com o maior investimento em práticas de manejo, variando, respectivamente, de 1.787 (S1 a 13.848kg ha-1(S4 e de 206,00 (S1 a 2.937,00R$ ha-1 (S4, dependendo da cultivar e do ano agrícola. A maior variabilidade genética da cultivar BRS Planalto não lhe assegurou rendimento de grãos superior ao dos híbridos nos sistemas com baixo investimento em insumos (S1. As cultivares híbridas foram mais produtivas e mais rentáveis do que a BRS Planalto em S2. A utilização do híbrido simples propiciou rendimento de grãos e margem bruta maiores do que as demais cultivares em S3 e S4, demonstrando que é possível associar máxima eficiência técnica e econômica com alto teto rendimento, desde que se tenha condições para

  14. Produção de matéria seca da braquiária de acordo com os atributos químicos de um Latossolo em Selvíria, Mato Grosso do Sul

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rafael Montanari

    2013-08-01

    Full Text Available Forrageiras rústicas, como as braquiárias, são predominantes na região do Cerrado, no sistema de pecuária extensiva, que favorece a degradação do solo. Entretanto, com o tempo, nem mesmo essas forrageiras conseguem bom desenvolvimento nessas áreas. O objetivo deste trabalho foi analisar a variabilidade dos atributos estudados da planta e do solo; definir as correlações lineares e espaciais entre a produtividade do capim-braquiária com os atributos químicos do solo pesquisado, e pesquisar, dentre os atributos químicos do solo, aquele que melhor se apresente para explicar a variabilidade da produtividade dessa forrageira. A pesquisa foi desenvolvida em uma área manejada com pastagem há 30 anos, na Fazenda de Ensino, Pesquisa e Extensão (FEPE da Faculdade de Engenharia de Ilha Solteira - UNESP, em Selvíria - MS. Foi instalada a malha geoestatística num Latossolo Vermelho aluminoférrico, para a coleta de dados do solo e da planta, contendo 121 pontos amostrais, constituídos de 11 transeções, com 160 m de largura, na direção dos eixos cartesianos. A produção de massa de matéria seca de capim-braquiária foi baixa, apresentando alta variação. Os atributos MSr, N, PB, MO1, MO2, pHa1, pHa2, pHk1 e pHk2 não variaram aleatoriamente e apresentaram variabilidade dos dados entre baixa e alta, e seguiram padrões espaciais bem definidos, com alcances entre 17,7 e 162,9 m. Houve correlação linear significativa a 1% entre a MSr e o N, e entre MSr e a PB. A existência dos semivariogramas cruzados MSr=f(N e MSr=f(PB atestou que essa matéria seca pode ser estimada a partir dos dados do teor de nitrogênio foliar e proteína bruta dessa forrageira.

  15. Variabilidade espacial de atributos que influenciam a produção de arroz vermelho irrigado no município de Apodi-RN

    OpenAIRE

    Nunes, Carlos Georg Fernandes

    2008-01-01

    A cultura do arroz irrigado no vale do rio Apodi, RN, teve um aumento significativo na área plantada devido à construção da barragem de Santa Cruz, que melhorou a disponibilidade hídrica à jusante deste reservatório. Esta cultura vem sofrendo uma série de problemas, passando desde a desorganização dos plantadores, comercialização deficiente, inexistência de valor agregado ao produto, uso indiscriminado de insumos químicos, perda da produtividade, diminuição do vigor das plantas e menor perfil...

  16. Tópicos da teoria da relatividade

    OpenAIRE

    Fragata, Paulo Renato Ferreira

    2013-01-01

    Dissertação de Mestrado, Matemática para Professores, 25 de Outubro 2013, Universidade dos Açores. Qualquer descrição física da natureza tem por base a especificação da posição e do instante em que decorre determinado acontecimento. Para tal, é necessário recorrer a um sistema de coordenadas, escolhido por cada observador, do modo que ele achar mais pertinente. Dada a generalidade na escolha do sistema de coordenadas, é útil conhecer as regras que nos permitem comparar cálculos feitos em d...

  17. Modelagem da retração por secagem de concretos produzidos com agregados reciclados

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A. E. B. Cabral

    Full Text Available A preocupação com a conservação dos recursos não renováveis tem levado o meio acadêmico a pesquisar sobre a utilização dos agregados reciclados na produção de concretos. A retração por secagem do concreto é um fenômeno que está intimamente ligado à perda de água da massa do concreto, a qual é quase inevitável, desde que o concreto esteja exposto a um ambiente de umidade abaixo da condição de saturação. Este artigo apresenta um estudo experimental, onde foram produzidos concretos variando-se a relação água/cimento (de 0,4 a 0,8 e o tipo e a proporção dos três principais constituintes do resíduo de construção e demolição (concreto, argamassa e cerâmica vermelha usados como agregados graúdos e miúdos reciclados, produzindo-se modelos matemáticos que correlacionam tais variáveis com a retração por secagem dos concretos aos 56 e 224 dias de idade. Os resultados apontam que, para a idade de 56 dias, o modelo apresentou uma excessiva variabilidade, manifestando somente 4 das 7 variáveis como termos significativos. Para a idade de 224 dias, o modelo proposto ainda apresentou uma elevada variabilidade, entretanto todas as variáveis foram tidas como significativas. Os resultados apontam que a substituição do agregado natural pelo reciclado propicia um acréscimo na retração por secagem, sendo este efeito mais sentido para a substituição do agregado miúdo. O efeito mais pronunciado está associado ao emprego do agregado miúdo reciclado de concreto e o menor, ao do agregado graúdo reciclado de concreto.

  18. EL PRINCIPIO DE VARIABILIDAD COMO FACTOR DETERMINANTE EN LA TÁCTICA INDIVIDUAL DEL SAQUE EN VOLEIBOL MASCULINO DE NIVEL INTERNACIONAL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A. Oña

    2010-09-01

    Full Text Available

     

    RESUMEN

    La investigación en el voleibol masculino de alto nivel en los últimos años otorga al saque una gran importancia en la evolución de este deporte. La técnica de saque empleada se revela como un factor decisivo, sin embargo no conocemos si el rendimiento de esta acción se mantiene de manera uniforme o varía conforme transcurre el encuentro. De este modo el objetivo del presente estudio es conocer la evolución del rendimiento en el transcurso de la competición, diferenciando las mediciones por sets.
    Se tomó como población objeto de estudio a los jugadores de los Juegos Olímpicos de Atlanta en 1996, último acontecimiento de la máxima relevancia en el voleibol internacional. Un total de doce equipos nacionales masculinos, confrontados en 42 encuentros, distribuidos en 149 sets. Para seleccionar la muestra se recurrió a 33 sets de la competición masculina, de entre 14 encuentros, de los que se registraron 2030 casos de cambio de saque.
    Se encontró que la variable set influye, de manera altamente significativa, en el rendimiento de recepción, lo que nos sugiere determinadas exigencias en el planteamiento estratégico del saque.
    PALABRAS CLAVE: voleibol, saque, recepción, alto rendimiento, variabilidad.

     

    ABSTRACT

    The research in male volleyball of high level in the last years grants to serve a great importance in the evolution of this sport. The technique of serving employee is revealed as a decisive factor, however we don’t know if the performance of this action stays in an uniform way or it varies as the encounter lapses. In this way the objective of the present study is to know the evolution of the performance in the course of the competition

  19. La variabilidad temporal de la respuesta hidrológica en una pequeña cuenca mediterránea forestada del Pirineo Central

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nadal-Romero, E.

    2010-12-01

    Full Text Available This paper analyses the stormflow response of the San Salvador forested catchment (0.92 km2 located in the Central Pyrenees, Spain. Using stormflow coefficient and discharge increment, the temporal variability of the rainfallrunoff relationship is analyzed at the event scale from hydrographs observed over a 7-year period. Results show that the storm-flow coefficient has a clear seasonal pattern with an alternance between a wet period, when the catchment is hydrologically responsive, and a dry summer period, when the catchment presents almost no reaction to any rainfall. The relationships of the storm-flow coefficient and discharge increment with several hydrological variables shows similar (but lower correlations than usually observed in other Mediterranean or temperate catchments and demonstrates that the storm flow response is mainly depending on water table with rainfall depth and base flow as secondary factors. The marked seasonality observed in the San Salvador catchment is most likely accentuated by forest that cover all the catchment, but this deserves further investigations.

    El análisis de los procesos hidrológicos en zonas forestales es objeto de numerosos estudios, debido a los cambios ambientales que se están produciendo en los últimos años y a los cambios experimentados en los usos del suelo desde las últimas décadas, como resultado del proceso de revegetación. Este trabajo analiza la respuesta hidrológica de la pequeña cuenca forestal de San Salvador (0.92 km2, localizada en el Pirineo Central, España. Se ha analizado la variabilidad de las relaciones precipitación-caudal a escala de evento, durante un periodo de estudio de 7 años, teniendo en cuenta los coeficientes de escorrentía de crecida y el incremento de la descarga. Los resultados muestran que el coeficiente de escorrentía presenta un gran patrón estacional con una alternancia entre periodos húmedos, cuando la cuenca tiene

  20. Variability of Soil Types in Wetland Meadows in the South of the Chilean Patagonia Variabilidad de Tipos de Suelos en Las Vegas del Sur de la Patagonia Chilena

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ladislava Filipová

    2010-06-01

    se describieron y se clasificaron siguiendo el sistema de WRB (IUSS Working Group WRB, 2006. Se realizaron análisis de densidad aparente, capilaridad, pH al agua, pH al CaCl2, textura, materia orgánica, relación C/N, conductividad eléctrica, capacidad intercambio catiónico efectiva (ECEC, N mineral, P, Ca-Mg-K-Na, Al intercambio, Al extractable, azufre SO4(2-, B y micronutrientes (Cu-Zn-Mn-Fe. Los grupos de suelos de referencia más comunes en las vegas de la zona son los Histosoles o turbas (20 perfiles y los Fluvisoles (19. Raramente se pueden detectar los Gleysoles (3, los Vertisoles (1, los Regosoles (2, los Solonchaks (1 y los Solonetzs (1. Existe una considerable variabilidad en las propiedades de los suelos de las vegas entre y también dentro de los grupos de referencia. Las mayores diferencias entre los Histosoles y los Fluvisoles estriban en el contenido de materia orgánica y el pH (relacionado con la presencia o ausencia de carbonatos y en las propiedades del suelo asociadas. Los Fluvisoles tienden a tener problemas de salinización en condiciones de aridez, mientras que el mayor riesgo para los Histosoles es el drenaje artificial.

  1. Variabilidad en la utilización de los servicios de urgencias hospitalarios del Sistema Nacional de Salud Variability in Spanish National Health System hospital emergency services utilization

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Salvador Peiró

    2010-01-01

    Full Text Available Objetivo: Los objetivos de este estudio fueron estimar las tasas de frecuentación a los servicios de urgencias hospitalarios (SUH del Sistema Nacional de Salud (SNS por áreas de salud, el porcentaje de ingresos, las razones estandarizadas de utilización de urgencias y analizar la relación con los recursos hospitalarios. Métodos: Estudio ecológico combinando información de diversas fuentes (Encuesta de Establecimientos Sanitarios con Régimen de Internado 2006 y Conjunto Mínimo de Datos Básicos 2006 para estimar la frecuentación a los SUH y el porcentaje de ingresos asociado en 164 áreas de salud de 14 comunidades autónomas (CC.AA.. Resultados: Los 35,3 millones de habitantes de las 164 áreas de salud incluidas realizaron 16,2 millones de visitas (45,7 por 100 habitantes a los SUH del SNS, y de ellos ingresaron algo más de 2 millones (12,6%. Excluyendo el 5% de áreas extremas por cada cola, la frecuentación osciló entre 31,6 y 78,7 urgencias/100 habitantes y el porcentaje de ingresos entre el 7,6% y el 27,9%. Estas diferencias apenas se atenuaron al estandarizar. El factor CC.AA. explicó un 29% de la varianza en frecuentación y un 82% en ingresos. La frecuentación no se asoció al volumen poblacional de camas o médicos de plantilla, aunque sí al de médicos de urgencias, hospitales de menor tamaño y no docentes. Conclusiones: Las áreas de salud del SNS mantienen una gran variabilidad en frecuentación a urgencias e ingresos por urgencias, que parece asociarse a un uso diferencial por problemas de menor entidad.Objective: The aims of this study were to estimate the rate of hospital emergency services (HES visits per health area, the associated percentage of admissions and the standardized HES utilization ratio, and to analyze their relationship with hospital resources. Methods: We performed an ecological study that combined information from distinct sources (Survey of Health Care Hospitalization Establishments 2006 and

  2. Exploración de la variabilidad genética del maracuyá (Passiflora edulis f. flavicarpa Degener como base para un programa de fitomejoramiento en Colombia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    John Ocampo

    2013-12-01

    Full Text Available El maracuyá es uno de los principales frutales del Neotrópico y en Colombia existen cerca de 6000 ha cultivadas con esta fruta, con una producción de 90,000 t/año. No obstante este potencial, los cultivos presentan graves problemas fitosanitarios y degeneración genética, lo que se manifiesta por una reducción de la vida útil de la plantación. El objetivo de esta investigación fue evaluar el grado de variabilidad genética del maracuyá cultivado en Colombia como base para un programa de fitomejoramiento. Las recolecciones se realizaron en los departamentos de Antioquia, Caldas, Cauca, Huila, Tolima y Valle del Cauca mediante una selección masal participativa con los productores. En cada cultivo, se seleccionaron diez frutos al azar (calidad extra de las plantas más sobresalientes por productividad y sanidad, en las cuales se registró la incidencia de insectos plaga y enfermedades. Los frutos fueron caracterizados con 11 variables fisicoquímicas y analizados mediante la descomposición de la varianza (univariado y el análisis de clasificación (neighbour joining. Los resultados mostraron que los trips (Neohydatothrips spp. y la virosis (SMV son los problemas fitosanitarios que más afectan el cultivo en los sitios del estudio. El análisis univariado del fruto mostró un porcentaje de variabilidad promedio total de 14.31% (CV, destacándose los pesos de la cáscara (20.53% y de la semilla (20.47%. Tomando en cuenta los parámetros de calidad (°Brix y %pulpa + semilla se identificaron ocho accesiones élite provenientes de Caldas, Valle del Cauca y Antioquia. El análisis de clasificación mostró una alta variabilidad, con poca estructuración por origen geográfico. Estos resultados permitirán iniciar un proceso de mejoramiento genético a partir de genotipos superiores de las accesiones élite identificadas.

  3. Modelado del efecto de la variabilidad climática local sobre la transmisión de dengue en Medellín (Colombia mediante análisis de series temporales

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Guillermo L. Rúa-Uribe

    2013-08-01

    Full Text Available Introducción. El dengue es una enfermedad de transmisión vectorial de gran impacto en la salud pública. La transmisión del dengue es afectada por factores entomológicos, socioculturales y económicos. Además, la variabilidad climática juega un importante papel en la dinámica de transmisión. Un amplio consenso científico ha indicado que la fuerte asociación entre la enfermedad y las variables climáticas podría ser empleada para desarrollar modelos que expliquen la incidencia de la enfermedad. Objetivo. Desarrollar un modelo que permita comprender la dinámica de transmisión del dengue en Medellín y predecir incrementos en la incidencia de la enfermedad. Materiales y métodos. Se empleó la incidencia de dengue como variable dependiente y como variables independientes, los factores climáticos (temperatura máxima, media y mínima, humedad relativa y precipitación registrados a escala semanal. Se utilizó el programa Expert Modeler para desarrollar un modelo que explique mejor el comportamiento de la enfermedad. Mediante modelos ARIMA, se seleccionaron las variables climáticas que tuvieron una relación significativa con la variable dependiente. Resultados. El 34 % de la variabilidad observada se explicó por el modelo. La precipitación fue la variable climática que mostró una asociación estadísticamente significativa con la incidencia del dengue, pero con un rezago de 20 semanas. Conclusiones. La transmisión del dengue en Medellín se vio afectada por la variabilidad climática, en particular, por la precipitación. La fuerte asociación entre el dengue y la precipitación permitió construir un modelo que ayuda a comprender la dinámica de transmisión, información que será de gran utilidad para el desarrollo de adecuadas y oportunas estrategias de control.   doi: http://dx.doi.org/10.7705/biomedica.v33i0.1444

  4. Variabilidade morfocultural e genética de fungos associados a podridão peduncular do mamão Morphocultural and genetic variability of fungi associated with stem-end rot of papaya

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ângela Pimenta Peres

    2003-10-01

    Full Text Available Objetivou-se, com este trabalho, verificar a variabilidade morfocultural e genética de fungos associados à podridão peduncular do mamão (Carica papaya L.. As avaliações morfoculturais foram feitas pelo índice de crescimento micelial e características das colônias, como coloração e tipo de micélio, quando os isolados foram crescidos em diferentes meios de cultura (BDA, MDA e Czapek. A variabilidade genética foi verificada por meio de análises de AFLP. Os isolamentos foram feitos em frutos obtidos de diferentes regiões produtoras do Brasil. Foram estudados oito isolados de cada uma das três espécies mais incidentes (Colletotrichum gloeosporioides, Phoma caricae-papayae e Fusarium solani. Foi verificado que os meios BDA e MDA promoveram um maior e mais rápido crescimento micelial para a maioria dos isolados testados e houve variações nas colorações das colônias desses isolados nos diferentes meios. A análise de AFLP gerou um total de 339 bandas polimórficas, indicando uma variabilidade genética entre os isolados de cada espécie fúngica, com alguns desses microrganismos formando grupos divergentes dos demais. Não foi observada uma correlação entre características morfológicas e análises de AFLP.The objective of this work was to look at the variability between isolates of the three fungal species, Colletotrichum gloeosporioides, Fusarium solani and Phoma caricae-papayae associated with stem-end rot in papaya fruits (Carica papaya L. which were produced in different regions of Brazil. In one trial, comparisons were made considering morphological and cultural characteristics exhibited by the fungi grown in different media: Potato dextrose agar (PDA, Papaya extract agar (PEA and Czapek. In general, mycelial growth of all fungi was higher in PDA and PEA and no correlation was seen between growth rates and other morphocultural characteristics such as color, colony type and others for all isolates compared. The analysis of

  5. Variabilidad en el diseño y composición del colgajo de perforante de tibial posterior para la reconstrucción de defectos en la pierna Versatility on design and composition of the tibial posterior perforator flap for reconstruction of leg defects

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    C. Laredo Ortiz

    2011-03-01

    Full Text Available Las pérdidas de sustancia en la pierna y fundamentalmente en su tercio inferior, siguen siendo un reto en Cirugía Reconstructiva puesto que los tejidos de vecindad, dañados por el traumatismo o por el edema concomitante, son inadecuados para cubrir hueso, tendones o material de osteosíntesis expuesto. El colgajo propeller o colgajo en hélice es un método elegante y versátil para la cubrir estas pérdidas de sustancia de la extremidad inferior con tejido locorregional no comprometido vascularmente por el traumatismo y/o lesión causante. A diferencia de los colgajos convencionales de rotación o transposición, es posible el cierre directo de la zona donante, lo que ofrece un resultado estético óptimo. Además, la presencia de perforantes más proximales permite usar pastillas musculares y tendinosas en el mismo colgajo para resolver defectos más complejos, convirtiéndose en algo más que una alternativa a los colgajos libres. Presentamos una serie de 43 pacientes para describir las posibilidades reconstructivas que ofrece el colgajo de perforante de arteria tibial posterior en su forma en hélice, en cuanto a la variabilidad del diseño y a su uso como colgajo compuesto, con el fin de minimizar aun más la morbilidad de la zona donante sin el uso de injertos.Lower extremity defects, specially lower third defects, keep being a true challenge in Reconstructive Surgery, since nearness damaged tissues, due to the traumatism or to the concomitant edema, are not suitable for the coverage of bone, tendons or exposed osteosynthesis material. Propeller flap has become an elegant and mobile method for the coverage of this type of lower extremity defects. It provides us with locorregional tissue with not vascular involvement in the traumatism and/or subsequent injury. Unlike conventional rotation or transposition flaps, direct closure of the donor site is possible, offering an optimum aesthetic result. Moreover, the presence of more proximal

  6. MACIEZ DA CARNE BOVINA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antonio Bento Mancio

    2006-10-01

    Full Text Available Dentre as características de qualidade da carne bovina, a maciez assume posição de destaque, sendo considerada a característica organoléptica de maior influência na aceitação da carne por parte dos consumidores. A dureza da carne pode ser dividida em dureza residual, causada pelo tecido conjuntivo e outras proteínas do estroma, e dureza de actomiosina, causada pelas proteínas miofibrilares. Dentre os fatores que influenciam a maciez da carne, podem ser destacados a genética, a raça, a idade ao abate, o sexo, a alimentação, o uso de agentes hormonais (?-adrenérgicos e os tratamentos post-mortem. A qualidade final da carne é resultante de tudo o que aconteceu com o animal durante toda a cadeia produtiva. Devem-se assegurar procedimentos adequados de transporte, armazenamento, manipulação, exposição e preparo da carne, a fim de se obter um produto de melhor qualidade. PALAVRAS-CHAVE: Calpaínas, calpastatina, qualidade da carne, rigor mortis, tecido muscular.

  7. GERONTOLOGIA: ESTADO DA ARTE

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vera M.A.Tordino Brandão

    2010-02-01

    Full Text Available O Programa de Gerontologia da PUC desenvolve pesquisas focando o ser na perspectiva do envelhecimento. As atividades são interdisciplinares e reúnem docentes, alunos e ex-alunos. Nesta mesa redonda apresentamos um panorama sobre estes estudos. Na área da educação e comunicação o foco está centrado na longevidade e na preparação e representação social da velhice. São ressaltadas como temáticas: a formação continuada de profissionais e pesquisadores; o significado da religiosidade/espiritualidade ao longo da trajetória, e sua repercussão na qualidade de vida do idoso; os programas sócio-educacionais para idosos e concepções sobre educação; o monitoramento da mídia na cobertura da crescente longevidade e seus impactos. Em identidade e modos de morar reflete-se sobre soluções planejadas e sua adequação para a inclusão do envelhecimento populacional como questão fundamental, que implica a elaboração de novas políticas, investigações e, especialmente, apresenta-se como questão a ser analisada, refletida e vivenciada pela sociedade em geral. Quanto à saúde, o Programa desenvolve várias pesquisas numa abordagem interdisciplinar tendo como objetos de estudo: a terapia assistida com animais direcionada a idosos com diagnóstico de Alzheimer; o acompanhamento terapêutico e o atendimento psicoterapêutico em grupo, a aplicação da técnica de Calatonia em idosos moradores de ILPI, além da investigação sobre impasses clínicos no idoso frágil. Palavras-chave: gerontologia, longevidade, envelhecimento

  8. Análise climática da Bacia Hidrográfica do Rio Mamanguape

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elydeise C. A. dos Santos

    2015-01-01

    Full Text Available A precipitação no Nordeste brasileiro apresenta grande varia